WorldWideScience

Sample records for epiteliais proliferativas intraductais

  1. Imunoexpressão do c-erbB-2 nas lesões epiteliais proliferativas intraductais da mama de mulheres Immunoexpression of c-erbB-2 in intraductal proliferative lesions of the female breast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agliberto Barbosa de Oliveira

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Alterações genéticas são relacionadas à gênese e progressão do câncer. Neoplasias de vários órgãos expressam o oncogene c-erbB-2. Nas proliferações intraductais da mama tem sido avaliado como fator de risco para o desenvolvimento de câncer. Foram avaliadas a imunoexpressão do c-erbB-2 em lesões epiteliais proliferativas intraductais e as possíveis correlações com características anatomopatológicas do carcinoma ductal "in situ" (CDIS. MÉTODOS: Foi utilizado material de arquivo, amostras teciduais fixadas em formalina e incluídas em blocos de parafina de 88 mulheres. Destas, 51 com CDIS e 37 com hiperplasia ductal sem atipias (HDT. A idade variou de 35 a 76 anos. Revisados todos os casos, verificou-se: o grau nuclear, a presença de necrose, o subtipo histológico predominante e sua extensão. Obteve-se material suficiente para o estudo imunohistoquímico do c-erbB-2 de 84 sujeitos do estudo. RESULTADOS: Não foi observada a expressão do oncogene nas hiperplasias sem atipias e nos tecidos adjacentes a todas amostras teciduais. A expressão do c-erbB-2 foi verificada em nove (19,1% dos CDIS (p= 0,0001. A imunoexpressão não se relacionou à extensão das lesões. A imunoexpressão do c-erbB-2 no CDIS correlacionou-se com subtipo histológico (p=0,019, com a presença de necrose (p=0,0066, com o grau nuclear (p=0,0084 e com a Classificação de Van Nuys (p=0,039. CONCLUSÕES: A expressão do c-erbB-2 foi estatisticamente significante nas lesões proliferativas de risco (CDIS e correlacionou-se com características histopatológicas: alto grau nuclear, presença de necrose, subtipo comedo. Não houve expressão nas hiperplasias sem atipias e tecidos adjacentes.OBJECTIVES: Genetic modifications are related to genesis and development of cancer. Neoplasias in various organs express the c-erbB-2 oncogene. In intraductal proliferations of the breast it has been assessed as a risk factor for subsequent development of

  2. Infecção oral pelo HPV e lesões epiteliais proliferativas associadas HPV oral infection and proliferative epithelial associated lesions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Tereza Lima Ferraro

    2011-08-01

    Full Text Available Os papilomavírus humanos (HPVs pertencem à família Papillomaviridae e seu ciclo de vida é diretamente ligado à diferenciação das células epiteliais do hospedeiro. Possuem seis genes que se expressam precocemente e dois genes que se expressam tardiamente, sendo denominados respectivamente E (early e L (late. O ácido desoxirribonucleico (DNA viral dentro da célula do hospedeiro pode assumir duas formas: epissomal e integrada. O HPV tem como alvo as células basais de epitélios escamosos, em particular da área genital, onde está associado ao carcinoma da cérvice uterina. Na boca, o HPV está associado a papiloma escamoso oral, condiloma acuminado, verruga vulgar e hiperplasia epitelial focal. Entretanto, seu papel na carcinogênese oral é ainda controverso, sendo também identificado como agente etiológico de alguns carcinomas de células escamosas de cabeça e pescoço. A infecção pelo HPV pode agir sinergicamente com agentes carcinogênicos, como o tabaco e o álcool. Pelo menos 150 subtipos diferentes de HPV já foram identificados, sendo que 25 têm sido detectados em lesões orais. Considerando a relevância do tema para a melhor compreensão da infecção oral pelo HPV, o objetivo desta atualização é rever os aspectos relevantes da biologia do HPV, com ênfase na relação HPV-ceratinócitos, e a importância dos dados clínicos e histopatológicos na definição diagnóstica das lesões orais possivelmente associadas ao HPV.Papillomaviruses belong to the family Papillomaviridae and their life cycle is directly linked to the differentiation of host epithelial cells. They have six genes that are expressed earlier and two genes that are expressed later in their life cycle, named respectively E (early and L (late. Host cell viral DNA can take two forms: episomal and integrated. The human papillomavirus (HPV targets the basal cells of squamous epithelia, particularly from the genital area, which is associated with uterine

  3. Hiperplasias epiteliais em espécimes de mamoplastia redutora estética bilateral e mamoplastia redutora contralateral a câncer de mama Epithelial hyperplasia in specimens from bilateral reduction aesthetic mammaplasty and reduction mammaplasty contralateral to breast cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciene Simões de Assis Tafuri

    2005-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mamoplastia redutora estética bilateral (MEB é uma cirurgia que tem como objetivo reduzir o volume mamário, melhorando problemas estéticos e posturais, ou obter equilíbrio estético em pacientes submetidas a mamoplastia contralateral (MRC a câncer de mama. A incidência de lesões mamárias nestes espécimes é variável, e a presença de câncer em uma das mamas é fator de risco conhecido para desenvolvimento de câncer na mama contralateral. OBJETIVOS: Comparar a freqüência de lesões proliferativas epiteliais e outras alterações histopatológicas em espécimes de MEB e MRC. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram revistas lâminas de 867 peças cirúrgicas de MEB e 72 de MRC, anotando-se as alterações histopatológicas, com ênfase nas hiperplasias epiteliais, e relacionando-as com a faixa etária das pacientes. RESULTADOS: A idade média das pacientes submetidas a MEB foi de 34 anos, e das submetidas a MRC, de 50,3 anos. Alterações fibrocísticas foram as lesões mais comumente diagnosticadas. Cistos e ectasia ductal estavam presentes em 50,9% das MEB e em 59,7% das MRC. Hiperplasias epiteliais foram diagnosticadas em 10,1% das MEB e em 43,1% das MRC, principalmente em mulheres com idade superior a 40 anos. Entre as hiperplasias, o tipo usual foi o mais freqüente nos dois grupos (MEB = 9,8% e MRC = 33,3%. Hiperplasias atípicas estavam presentes em 9,7% dos casos de MRC e em 0,3% de MEB. CONCLUSÃO: A incidência de hiperplasias epiteliais com e sem atipias foi maior nos casos de MRC do que nos de MEB mesmo quando as pacientes foram pareadas pela faixa etária.BACKGROUND: Reduction mammaplasty is a surgery whose objective is to reduce the mammary size, improving aesthetic (MEB, or to attain of aesthetic balance in patients submitted to mammaplasty contralateral to breast cancer (MRC. The incidence of breast lesions in these specimens is variable and the previous cancer in one breast is a known risk factor for cancer in

  4. Exfoliated epithelial cells: potentials to explore gastrointestinal maturation of preterm infants Células epiteliais exfoliadas: potencial para investigar a maturação gastrointestinal em crianças pré-termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bertrand Kaeffer

    2010-03-01

    Full Text Available Exfoliated epithelial cells represent valuable source of information on the physiopathological state of the mucosa. However, the interpretation of data obtained from exfoliated cells is complicated by the conditions of isolation as well as the health of the subject. Exfoliation is either: a a natural loss of body cells implying a molecular signal related to the turnover of terminally differentiated cells and to the progressive mobilization of proliferative as well as stem cells or b the result of manual exfoliation by applying mechanical constraints like scraping. Depending on the methodology of isolation, exfoliated epithelial cells are believed to be either in apoptosis or in anoïkis. Most studies are using microscopic examination to demonstrate the presence of typical cells along with measurements on a limited number of biomarkers. Only few studies using proteomics or transcriptomics are available and they open discussion about tissue references and normalization. The main advantage of measures realized on exfoliated epithelial cells is that they are strictly non-invasive and open the possibility to evaluate maturation of gastric and intestinal tissues in long-term experiments performed on the same animal or in translational research on samples recovered from preterm infants.Células epiteliais exfoliadas são uma fonte de informação valiosa sobre o estado fisiológico da mucosa. Contudo, a interpretação dos dados obtidos de células exfoliadas é complicado pelas condições de isolamento e da saúde do sujeito. A exfoliação é: a uma perda natural de células implicando um sinal molecular relacionado ao turnover terminal de células diferenciadas e à progressiva mobilização de células proliferativas e de células tronco ou b o resultado de aplicação de fatores mecânicos como raspagem. Dependendo do método de islolamento, acredita-se que podem estar em apoptose ou em anoikis. A maior parte dos estudos tem utilizado exame

  5. Does troncular vagotomy modify the proliferative gastric lesions induced in rats by duodenogastric reflux? A vagotomia troncular modifica as lesões proliferativas gástricas induzidas em ratos pelo refluxo duodenogástrico?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Antônio Rodrigues

    2007-06-01

    ídos em quatro grupos experimentais: 1- Controle (CT Gastrotomia; 2- Vagotomia Troncular + gastrotomia (VT; 3-Refluxo duodeno-gástrico (R e 4- RDG através do piloro e VT (RTV. Os animais foram sacrificados na 54ª semana do experimento. O RDG foi obtido através de anastomose do jejuno proximal com a parede gástrica anterior. A vagotomia troncular foi realizada através da dissecção e divisão dos troncos vagais. A gastrotomia consistiu de secção e síntese de um cm na parede gástrica anterior. As LP foram analisadas macroscopicamente e histologicamente na mucosa gástrica, na anastomose gastrojejunal e no estômago escamoso. RESULTADOS: Os grupos R e RVT desenvolveram lesões exofíticas na mucosa do antro gástrico (R=90,9% e RVT=100% e na anastomose gastrojejunal (R=54,5% e RVT=63,6% que se caracterizaram no exame histológico por lesões proliferativas epiteliais benignas, sem atipias celulares, diagnosticadas como hiperplasia adenomatosa. Na região do estômago escamoso, ambos os grupos expostos ao RDG apresentaram hiperplasia escamosa (R= 54,5% e RVT= 45,4%. A VT não modificou o padrão histopatológico das LP induzidas pelo RDG. Os grupos VT e CT não apresentaram alterações macroscópicas ou histológicas significativas. CONCLUSÕES: o RDG induz o desenvolvimento de lesões proliferativas (LP benignas na mucosa do antro gástrico e na anastomose gastrojejunal. A VT isoladamente não induz alterações proliferativas na mucosa gástrica e não modifica as características morfológicas das LP induzidas pelo RDG através do piloro.

  6. Proliferative enteropathy (Lawsonia intracellularis outbreak in rabbits in Brazil Surto de enteropatia proliferativa (Lawsonia intracellularis em coelhos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo V. Peixoto

    2008-10-01

    muito espessada, progressivamente dilatado no sentido caudal e com aspecto algo reticulado perceptível através da serosa. A mucosa espessada tinha aspecto finamente corrugado e superfície brilhante. A válvula íleo-cecal e imediações do ceco encontravam-se um pouco edemaciadas e irregulares. Por vezes, as placas de Peyer estavam maisevidentes. Observou-se também moderado aumento de volume dos linfonodos mesentéricos. O exame histológico revelou diferentes graus de hiperplasia das células epiteliais das criptas intestinais (células pouco diferenciadas, hipercromáticas, arranjadas de forma pseudo-estratificada e com alto índice mitótico que, em parte dos casos, atingia a porção apical das vilosidades. A infiltração inflamatória, entre as células epiteliais hiperplásicas, era composta por linfócitos, plasmócitos, macrófagos, alguns eosinófilos e leucócitos globulóides. A impregnação por prata revelou grande número de bactérias com morfologia compatível com às do gênero Lawsonia no pólo apical dos enterócitos das criptas. Essas bactérias reagiram positivamente ao anticorpo policlonal para Lawsonia intracellularis pelo método imunohistoquímico de avidina biotina.

  7. Carcinoma espinocelular em leucoplasia verrucosa proliferativa: relato de caso e revisão da literatura = Squamous cell carcinoma in proliferative verrucous leukoplakia: report of a case and review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramalho, Luciana Maria Pedreira

    2007-01-01

    Full Text Available A Leucoplasia Verrucosa Proliferativa (LVP é uma lesão cancerizável caracterizada por comportamento biológico mais agressivo e maior risco de malignização que as leucoplasias bucais. O diagnóstico da LVP deve ser feito pela combinação de achados clínicos e microscópicos e o acompanhamento dos pacientes deve ser rigoroso envolvendo a remoção de fatores de risco como o tabaco e o álcool e biópsias de controle, que podem ser realizadas quando ocorrerem mudanças nos sinais e sintomas. Este trabalho revisa a literatura sobre LVP e relata um caso de carcinoma espinocelular originado de leucoplasia verrucosa proliferativa, enfatizando os aspectos clínicos e histopatológico bem como a importância do acompanhamento rigoroso do paciente e de exames complementares como o azul de toluidina

  8. Variantes de lesões intra-epiteliais escamosas: relato de quatro casos Variants of intraepithelial squamous lesions: report of four cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro P. Pinto

    2005-04-01

    Full Text Available Entre a rotina de biópsias e produtos cirúrgicos provenientes do colo uterino, um número significativo de lesões intra-epiteliais escamosas (LIE pode causar dificuldade quanto a caracterização e graduação histológica. Tais lesões têm sido identificadas e descritas isoladamente por artigos científicos como variantes histológicas de LIE cervicais. São elas a metaplasia papilar imatura atípica (MPIA e as variantes de neoplasia intra-epitelial cervical graus II/III: queratinizante, com padrão metaplásico imaturo de crescimento e escamomucinosa. Neste artigo são exemplificados quatro casos representativos das entidades citadas acima, provenientes das rotinas do Programa de Prevenção do Câncer Ginecológico do Estado do Paraná e de um laboratório privado especializado em patologia ginecológica de Curitiba, o Laboratório de Citopatologia e Anatomia Patológica Annalab. Os principais critérios diagnósticos são descritos, assim como a correlação citológica e molecular relacionada à presença e à localização do ácido nucleico viral (papilomavírus humano [HPV] nas lesões.In routine basis, among biopsies and surgical specimens derived from uterine cervix, a significant number of squamous intraepithelial lesions (SIL may be difficult to diagnose and grade. Some of these lesions were identified, isolated and reported in scientific articles as histological variants of SIL. They are: metaplastic papillary immature atypia (MPIA and the following grade II/III cervical intraepithelial neoplasia variants: keratinized, immature metaplastic-like proliferation and mucin-producing. In this article four cases representative of these variants are described. They were retrieved from the routines of a large scale gynecological cancer screening program and a private laboratory specialized on gynecological pathology, both from Paraná State, Brazil. The main histological criteria for diagnosis are described, as well cytological and

  9. Proliferative sickle cell retinopathy associated with sickle cell trait and gestational diabetes: case report Retinopatia falciforme proliferativa associada a traço falciforme e diabetes gestacional: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Augusto Santana Ribeiro

    2009-06-01

    Full Text Available Proliferative sickle cell retinopathy is an uncommon complication in individuals with sickle cell trait (AS. However, the risk for proliferative retinopathy development is increased in patients with AS hemoglobinopathy associated with systemic conditions or ocular trauma. A case of a patient with AS hemoglobinopathy who developed proliferative sickle cell retinopathy after the occurrence of gestational diabetes and pregnancy-induced hypertension is reported. Hemoglobin electrophoresis revealed presence of A2 5.0%, S 35.0% and A 53.2%. The present case emphasizes the importance of evaluating systemic comorbidities in patients with sickle cell trait during pregnancy since sickle cell retinopathy can progress rapidly, as well as the importance of regular eye fundus examination in these patients.Retinopatia falciforme proliferativa é uma complicação incomum em indivíduos com traço falciforme, havendo, porém, risco aumentado de desenvolver retinopatia proliferativa em pacientes com hemoglobinopatia AS associada a condições sistêmicas ou trauma ocular. Neste artigo será apresentado um caso de paciente com diabetes gestacional, hipertensão arterial sistêmica associada à gravidez e traço falciforme. Eletroforese de hemoglobinas revelou a presença de A2 5,0%, S 35,0% e A 53,2%. Este caso ressalta a importância da avaliação de comorbidades sistêmicas em pacientes com traço falciforme no período gestacional, uma vez que pode ocorrer rápida progressão da retinopatia falciforme, devendo-se realizar também exames regulares do fundo de olho nestes pacientes.

  10. Comparação entre membrana amniótica com e sem epitélio como substrato para cultura de células epiteliais do limbo ex vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Luciana Covre

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a eficácia e aspecto estrutural de células límbicas epiteliais humanas cultivadas sobre membrana amniótica (MA com e sem epitélio. MÉTODOS: As culturas límbicas foram obtidas a partir de rima corneoescleral remanescentes de transplantes de córnea de 6 diferentes doadores. Cada explante foi cultivado em três diferentes grupos: MA desepitelizada por tripsina (Grupo 1, MA com epitélio íntegro (Grupo 2 e controle (Grupo 3. A migração epitelial foi avaliada por microscopia de contraste de fase. Após 15 dias, as células cultivadas sobre MA foram submetidas à microscopia eletrônica para avaliar migração e adesão epitelial. RESULTADOS: Todas as células do grupo controle cresceram até atingir confluência. Somente uma das culturas em membrana amniótica desepitelizada não apresentou crescimento epitelial. O crescimento de células epiteliais sobre membrana amniótica epitelizada foi observada em apenas uma cultura. CONCLUSÃO: Baseando-se nestes achados, o uso de membrana amniótica desepitelizada aparenta ser o melhor substrato para migração e adesão epitelial comparando com membrana amniótica epitelizada. Remover o epitélio da membrana amniótica demonstra ser um importante passo para estabelecer culturas de células sobre membrana amniótica.

  11. Evaluación de la retinopatía diabética proliferativa después del tratamiento con láser Evaluation of proliferative diabetic retinopathy after laser treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juana Elvira Maciques Rodríguez

    2007-12-01

    Full Text Available La fotocoagulación láser (panfotocoagulación es indicación absoluta en la retinopatía diabética proliferativa (RDP sin y con características de alto riesgo de pérdida visual severa. Con el objetivo de evaluar este tratamiento en la RDP, se realizó este estudio desde enero de 2004 a diciembre de 2005 en el Centro de Atención al Diabético del Instituto de Endocrinología. Se estudiaron 120 pacientes con RDP, que se fotocoagularon. Las variables estudiadas fueron: edad, sexo, tiempo de evolución de la diabetes y presencia de hipertensión arterial y/o neuropatía. Se realizó examen oftalmológico y se comparó la agudeza visual y el estadio de la retinopatía antes y después del tratamiento. Para el análisis estadístico se utilizó la prueba de chi cuadrado. La forma avanzada de RDP se encontró en pacientes con más de 20 años de evolución de la enfermedad. Después del tratamiento en las mujeres predominó la RDP sin características de alto riesgo (CAR (38,1 % y en los hombres la RDP con CAR (38,9 %; 11 pacientes pasaron a la forma de retinopatía diabética (RD no proliferativa. La hipertensión arterial y la nefropatía diabética predominaron en la RDP con CAR y avanzada. Se concluye que la forma más grave de RD se asoció a mayor tiempo de evolución. La hipertensión arterial y la nefropatía son factores de riesgo asociados a las formas más severas de RD. La fotocoagulación no mejoró la visión de forma significativa, pero sí detiene la progresión de la retinopatía, e incluso, es capaz de modificar la severidad pasando a formas no proliferativas.Laser photocoagulation (panphotocoagulation is an absolute indication in the proliferative diabetic retinopathy (PDR without or with characteristics of high risk for severe visual loss. This study was undertaken at the Diabetic Care Center of the Institute of Endocrinology from January 2004 to December 2005 in order to evaluate this treatment in PDR. 120 patients with PDR

  12. Matrix metalloproteinases 2 and 9 expression in canine normal prostate and with proliferative disorders Expressão de metaloproteinases de matriz 2 e 9 na próstata canina normal e com lesões proliferativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Batista Rodrigues Faleiro

    2013-06-01

    Full Text Available In this study the expression of metalloproteinases 2 (MMP-2 and 9 (MMP-9 in canine normal prostates and with proliferative disorders was evaluated to verify the role of these enzymes in extracellular matrix remodeling (ECM and in the tissue invasion process. A total of 355 prostatic samples were obtained, from which 36 (10.1% were normal prostates, 46 (13.0% with benign prostatic hyperplasia (BPH, 128 (36.1% with proliferative inflammatory atrophy (PIA, 74 (20.8% with prostatic intraepithelial neoplasia (PIN, and 71 (20.0% with prostatic carcinoma (PC. Difference in cytoplasmic immunohistochemical staining of MMP-2 and MMP-9 between acinar epithelium and periacinar stroma was found regarding the different diagnosis. The correlation between MMP-2 and MMP-9 expression in relation to the number of labeled cells in acinar epithelium and periacinar stroma, as well as to the staining intensity in the periacinar stromal cells was evidenced in canine prostates with PIA. In conclusion, MMP-2 and MMP-9 expression has a variation in canine prostate according to the lesion, with lower expression in normal tissue and with BPH, and higher expression in those with PIA, PIN and PC. Moreover, the inflammatory microenvironment of the PIA has influence in the activity of both enzymes.Este estudo teve como objetivo avaliar a expressão das metaloproteinases 2 (MMP-2 e 9 (MMP-9 em próstatas caninas normais e com desordens proliferativas, verificando o papel dessas enzimas na remodelação da matriz extracelular (MEC e no processo de invasão tecidual. Um total de 355 amostras prostáticas foram obtidas, sendo 36 (10,1% normais, 46 (13,0% com hiperplasia prostática benigna (HPB, 128 (36,1% com atrofia inflamatória proliferativa (PIA, 74 (20,8% com neoplasia intraepitelial prostática (PIN e 71 (20,0% com carcinoma prostático (CP. Houve diferença de imunomarcação citoplasmática para MMP-2 e MMP-9 entre o epitélio acinar e o estroma periacinar, quanto aos

  13. Bioética y ensayos clínicos en pacientes con retinopatía diabética proliferativa Bioethics and clinical trials in patients with Proliferative Diabetic Retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pérez Arianna Hernández

    2013-04-01

    Full Text Available La Segunda Guerra Mundial y las atrocidades cometidas en investigaciones con los prisioneros en los campos de concentración nazis y japoneses, despertaron la conciencia por el desarrollo de los derechos humanos que se habían conquistado paulatinamente a lo largo de la historia. Por ello se conforman una serie de leyes, normas y declaraciones donde se tratan los aspectos bioéticos en los ensayos clínicos. Se debe prestar vital atención a la relación médico-paciente en el curso de las investigaciones y considerar la relación beneficio/riesgo cuando se va a experimentar en seres humanos. La retinopatía diabética proliferativa es una de las afecciones oftalmológicas que más ensayos ha suscitado. El objetivo de este trabajo consiste en analizar algunos aspectos éticos en la experimentación en pacientes con esta afección.The Second World War and the atrocities committed in research with prisoners in Japanese and Nazi concentration camps, awakened consciousness for the development of human rights that had gradually been conquered throughout history. That´s why a series of laws, rules and statements that deal with bioethical aspects in clinical trials, were passed. Special attention must be given to the doctor-patient relationship during the research and consider the benefit/risk ratio when conducting experiments on human beings. Proliferative Diabetic Retinopathy is one of the ophthalmological disorders that has given rise to more trials. The research goal is to analyze some ethical aspects when experimenting on patients with this condition.

  14. Facoemulsificação, vitrectomia via pars plana e implante de lente intra-ocular em olhos com retinopatia diabética proliferativa Phacoemulsification, pars plana vitrectomy and intraocular lens implant in eyes with proliferative diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Armando Belfort Mattos

    2004-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a viabilidade da técnica de facoemulsificação para a extração da catarata com implante de lente intra-ocular combinada à vitrectomia via pars plana em olhos com retinopatia diabética proliferativa, em um único procedimento cirúrgico. MÉTODOS: Foram revisados os prontuários de 47 pacientes (53 olhos com retinopatia diabética proliferativa e catarata que foram submetidos ao procedimento combinado de vitrectomia via pars plana, facoemulsificação e implante de lente intra-ocular no mesmo ato cirúrgico, entre janeiro de 1991 e setembro de 1998 no Bascom Palmer Eye Institute, hospital de olhos filiado à Universidade de Miami. O estudo foi realizado em conjunto com a Universidade Federal de São Paulo. Participaram do estudo 43 olhos de 40 pacientes. RESULTADOS: O tempo de seguimento variou de três a 60 meses com média de 20 meses. A idade dos pacientes variou de 37 a 77 anos com média de 59 anos. A acuidade visual melhorou duas linhas ou mais em relação ao pré-operatório em 26 (60,4% olhos, permaneceu a mesma em 9 (20,9% e piorou em 8 (18,6%. Em (23,2% 10 olhos a acuidade visual aumentou para 20/40. O teste estatístico chamado de "teste do sinal" mostrou-se estatisticamente significante na melhora da acuidade visual final. A complicação mais observada foi a hemorragia vítrea recorrente, ocorrendo em 12 (27,9% olhos, seguida pela inflamação transitória da câmara anterior em 9 olhos (20,9%. Complicações intra-operatórias relacionadas à extração do cristalino foram raras. No pós-operatório observaram-se captura da lente intra-ocular em 2 (4,6 % olhos e lente intra-ocular subluxada em 1 (2,3% olho. CONCLUSÕES: A cirurgia combinada de facoemulsificação, implante de lente intra-ocular e vitrectomia via pars plana em olhos com retinopatia diabética é procedimento bem tolerado e geralmente apresenta bons resultados com relação à acuidade visual. Um único procedimento para remover a catarata e

  15. Papel das citocinas proliferativas TGF-β e VEGF no derrame pleural pós-revascularização do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António M.S. Chibante

    2006-07-01

    Full Text Available Resumo: A cirurgia de revascularização do miocárdio envolve o acometimento, tanto do pericárdio como da pleura, conduzindo ao favorecimento de processos inflamatórios responsáveis pelo desenvolvimento de derrames nestes compartimentos.Objectivo: Estudar o comportamento das citocinas proliferativas TGF-β (factor beta de transformação do crescimento e VEGF (factor de crescimento do endotélio vascular nos líquidos de 16 transudatos e de 43 derrames pleurais de doentes submetidos a cirurgias de revascularização do miocárdio provenientes do Instituto de Coração e do Serviço de Pneumologia da Universidade do São Paulo nos intervalos de 2, 24 e 48 horas de pós-operatório.Resultados: O derrame pleural pós-revascularização do miocárdio é um exsudato mobilizador de TGF-β e VEGF no pós-operatório imediato. Os níveis de TGF-β apresentam-se elevados nas primeiras 2 horas para caírem progressivamente até se aproximarem dos valores dos transudatos ao fim de 48 horas, enquanto o VEGF se inicia com níveis elevados já nas primeiras 2 horas com tendência a aumento pelo menos até 48 horas de pós-operatório.Conclusões: O TGF-β parece comportar-se como elemento gatilho sobre a célula mesotelial pleural para a liberação de VEGF no desenvolvimento de derrame pleural nas cirurgias de revascularização do miocárdio.Rev Port Pneumol 2006; XII (4: 359-367 Abstract: Coronary artery bypass graft (CABG surgeries can impact on the pericardium and pleural space, leading to inflammation which can cause effusion.Aim: To study the role of the proliferative cytokines TGF-β and VEGF in the fluids of 16 transudates and 43 pleural effusions of patients who underwent CABG at the Heart Unit and Pulmonology Unit of the University Hospital of São Paulo. Levels of cytokines were assessed 2, 24 and 48 hours post-surgery.Results: The pleural effusion

  16. Importância do co-cultivo com fibroblastos de camundongo 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo humano Importance of 3T3 feeder layer to establish epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Cardoso Cristovam

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a importância da presença de células 3T3 para estabelecer cultura de suspensão de células epiteliais do limbo obtido de rimas córneo-esclerais. MÉTODOS: Rimas de diferentes doadores tiveram seus estroma posterior e endotélio removidos (n=6. Cada rima foi dividida em três segmentos iguais, que foram colocados em cultura em três diferentes condições: um segmento foi colocado na placa de cultura com o lado epitelial para cima (Grupo A. Os dois segmentos restantes foram tripsinizados e a suspensão de células obtida foi cultivada com (Grupo B ou sem (Grupo C células 3T3 irradiadas. As células foram mantidas em meio de cultura "supplemental hormonal epithelial médium" (SHEM, a migração epitelial e a formação de clones nos grupos A, B e C foram avaliadas pela microscopia de contraste de fase e por coloração pela rodamina B. Os resultados foram comparados estatisticamente. RESULTADOS: O crescimento de células epiteliais foi observado em 4/6 rimas (Grupo A. Todas as suspensões de células epiteliais que foram cultivadas com células 3T3 (Grupo B formaram clones. Nenhuma adesão ou formação de clones verdadeiros (holo ou meroclones foi observada na cultura de células que foi cultivada sem 3T3 (Grupo C (p=0,009. CONCLUSÕES: Suspensão de células epiteliais límbicas obtidas de rimas córneo-esclerais no modelo utilizado precisa ser cultivada com células 3T3 para formar clones e estabelecer colônias epiteliais com perspectivas para uso terapêutico na reconstrução da superfície ocular.PURPOSE: To evaluate the importance of the presence of 3T3 fibroblasts for establishing limbal epithelial cultures from cell suspension obtained from corneo-scleral rims (CSR. METHODS: Corneo-scleral rims from different donors (n=6 had their posterior stroma and endothelium stripped away. Each corneo-scleral rim was divided into three equal segments that were set up in tissue culture in three different conditions: one of the

  17. Avaliação da Atividade Proliferativa no Epitélio Mamário Adjacente a Fibroadenoma em Mulheres Tratadas com Tamoxifeno Evaluation of Proliferative Activity in the Mammary Epithelium Adjacent to Fibroadenoma in Women Treated with Tamoxifen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Antônio de Sousa

    2000-08-01

    Full Text Available Objetivo: estudar a atividade proliferativa do epitélio mamário normal adjacente a fibroadenoma em mulheres na fase lútea do ciclo menstrual, tratadas com tamoxifeno. Pacientes e Métodos: estudou-se por técnica imuno-histoquímica, com o uso do anticorpo monoclonal MIB-1, a atividade proliferativa no epitélio mamário adjacente a fibroadenoma. O estudo foi randomizado e duplo-cego. As 44 mulheres com fibroadenoma foram divididas em 3 grupos: A (n = 16; placebo, B (n = 15; tamoxifeno, 10 mg e C (n = 13; tamoxifeno, 20 mg. O tamoxifeno foi utilizado por 22 dias, a partir do 2º dia do ciclo menstrual, e a biópsia realizada no 23º dia. Resultados: a porcentagem média de núcleos corados por 1000 células no grupo A foi 9,2, no grupo B, 4,5, e no grupo C, 3,2. O teste de Fisher revelou que o tamoxifeno reduziu de forma significante a imunoexpressão do MIB-1 nas doses de 10 e 20 mg em comparação com o grupo placebo (pPurpose: to study the monoclonal antibody MIB-1 in the normal breast epithelium adjacent to a fibroadenoma in women in the luteal phase of the menstrual cycle treated with tamoxifen. Patients and methods: the proliferative activity of the mammary epithelium adjacent to the fibroadenoma was studied by immunohistochemistry based on immunoexpression of the monoclonal antibody MIB-1. The study was randomized and double blind and was conducted on 44 women with fibroadenomas, divided into 3 groups: A (n = 16; placebo, B (n = 15; tamoxifen, 10 mg, and C (n = 13; tamoxifen, 20 mg. Tamoxifen was administered for 22 days starting on the 2nd day of the menstrual cycle and a biopsy was taken on the 23rd day. Results: the mean percentage of stained nuclei per 1000 cells was 9.2 in group A, 4.5 in group B, and 3.2 in group C. Fisher's test revealed that tamoxifen significantly reduced the immunoexpression of MIB-1 at the doses of 10 and 20 mg compared to the placebo group (p<0.0001, with no significant differences between doses in terms of

  18. Tipagem e estado físico de papilomavírus humano por hibridização in situ em lesões intra-epiteliais do colo uterino Human papillomavirus typing and physical state by in situ hybridization in uterine cervix intraepithelial lesions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Buchalla Bagarelli

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: realizar estudo molecular (hibridização in situ de pacientes com lesões intra-epiteliais do colo uterino, visando investigar a freqüência e o estado físico do papilomavírus humano (HPV. MÉTODOS: cortes histológicos de biopsias do colo uterino de 84 pacientes foram avaliados pela hibridização in situ, com sonda de amplo espectro, que permite identificação dos HPVs dos tipos 6, 11, 16, 18, 31, 33, 35, 39, 42, 45 e 56, e com sondas específicas para HPV dos tipos 6, 11, 16, 18, 31 e 33. Os padrões físicos de marcação do DNA dos HPV encontrados foram: epissomal, quando todo o núcleo ficou corado pela biotina (marrom; integrado, onde se visualizaram um ou dois pontos marrons no núcleo hibridizado, ou misto, com a associação dos dois padrões anteriores. Das 84 pacientes avaliadas, 31 (36,9% tinham lesões intra-epiteliais de baixo grau (LIE-BG e 53 (63,1% tinham lesões intra-epiteliais de alto grau (LIE-AG ao exame histológico. Para a análise estatística foi empregado o teste exato de Fisher. RESULTADOS: do total dos casos, 46 (54,7% foram positivos para DNA de HPV pela sonda de amplo espectro. Na tipagem dos vírus, o HPV-16 foi mais freqüente nas LIE-AG, com 12 casos - 22,6% (pPURPOSE: to carry out a molecular study (in situ hybridization on patients who present intraepithelial lesions of the uterine cervix, and to assess the frequency and the physical state of the human papillomavirus (HPV. METHODS: histological sections of biopsies of the uterine cervix from 84 patients were evaluated by in situ hybridization, with a broad-spectrum probe, which allows the identification of the HPV types 6, 11, 16, 18, 31, 33, 35, 39, 42, 45, and 56 and with specific probes for HPV types 6, 11, 16, 18, 31, and 33. The physical patterns of HPV DNA found were: episomal, when the entire nucleus stains with biotin (brown; integrated - one or two brown points in the hybridized nucleus, or mixed, associating both patterns. Of the 84

  19. Transplante de células-tronco epiteliais límbicas alógenas expandidas ex vivo sobre membrana amniótica: relato de caso Transplantation of allogenic limbal epithelial stem cells cultivated ex vivo on amniotic membrane: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Álvaro Pereira Gomes

    2009-04-01

    Full Text Available Paciente apresentou falência de transplante de limbo e conjuntiva de doador vivo alógeno no olho direito após ceratoconjuntivite epidêmica. Após alguns meses, foi submetida a transplante de células-tronco epiteliais límbicas alógenas cultivadas ex vivo sobre membrana amniótica (primeiro caso no Brasil, tendo evoluído com epitelização total da córnea e melhora da acuidade visual. Após o 3º mês da cirurgia, iniciou-se neovascularização superficial periférica com piora da transparência corneana. A visão manteve-se 0,1 após um ano de cirurgia.Case report of a patient who developed failure of an allogenic living related conjunctival limbal transplantation in the right eye after an episode of epidemic keratoconjunctivitis. After a few months, she underwent transplantation of allogenic limbal epithelial stem cells cultivated ex vivo on amniotic membrane (first case in Brazil. The patient evolved with total corneal epithelialization and improvement of the visual acuity. Three months after the surgery, peripheral superficial neovascularization with worsening of the corneal transparency was observed. The vision remained 0.1 after one year of the transplantation.

  20. Relação entre a quantidade de AgNORS, atividade proliferativa e o estágio de desenvolvimento placentário em equinos Relationship between the amount of AgNORs, proliferative activity and stage of placental development in horses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana C.F. Mançanares

    2012-12-01

    Full Text Available As Regiões Organizadoras de Nucléolo (NORs - nucleolar organizer regions são utilizadas para descrever regiões de cromatina coradas por Nitrato de Prata e estão relacionados com a atividade de síntese de RNAr e com a agilidade e rapidez na proliferação celular nos tecidos estudados. O objetivo deste trabalho foi relacionar a quantidade de AgNORs, a atividade proliferativa e o estágio da gestação em equinos, utilizando a coloração de Nitrato de Prata. Os anexos embrionários foram coletados, fixados em solução de formaldeído tamponado 10%, emblocadas em paraplast e submetidos à coloração de Nitrato de Prata. Os grupos foram determinados de acordo com a idade gestacional. A quantidade de NORs encontrada no cório no começo da gestação indica início da atividade celular e na medida em que a gestação avança, a quantidade de NORs aumenta, sugerindo maior atividade de síntese e aumento da sua importância na manutenção do feto. Ao contrário do que ocorre no cório, a quantificação das NORs foram maiores no final da gestação do que no inicio, sugerindo a estabilização destas membranas no final da gestação. A cinta coriônica e o saco vitelino foram encontrados no início da gestação e apresentaram grande quantidade de NORs, sugerindo função de síntese e proliferação no inicio da gestação, visto que suas funções é manutenção do embrião até a formação completa da placenta verdadeira (cório-alantoide. Concluímos que as membranas que se desenvolvem de maneira progressiva de acordo com o crescimento embrionário/fetal (cório, alantoide e âmnio têm aumento no número de NORs e as membranas que involuem após a formação do embrião/feto (saco vitelino e cinta coriônica têm um decréscimo neste número, sugerindo a diminuição da atividade proliferativa nestas membranas.The Nucleolar Organizer Regions (NORs - nucleolar organizer regions are used to describe regions of chromatin stained with

  1. Influência da co-agregação entre Candida. albicans e Lactobacillus acidophilus na capacidade de adesão destes microrganismos às células epiteliais vaginais humanas (CEVH = Influence of the co-aggregation between Candida. albicans e Lactobacillus acidophilus on the adhesion capacity these microorganisms in the human ephitelial vaginal cells (HEVC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Américo Etgeton

    2011-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a influência da co-agregação in vitro entre Candida albicans e Lactobacillus acidophilus na capacidade de adesão destes microrganismos às células epiteliais vaginais humanas (CEVH. Foram utilizados um isolado vaginal de C. albicans e uma cepa ATCC de L. acidophilus. Uma suspensão de cada microrganismo isoladamente e do coagregado foram incubados com as CEVH obtidas de uma doadora saudável. Foram feitos esfregaços por cristal violeta e Papanicolaou, e o número de leveduras, lactobacilos ou coagregados aderidos às células foi contado (em 300 células superficiais-CS e 300 intermediárias-CI. A Microscopia eletrônica de varredura (MEV foi realizada em todas as situações dos ensaios.Leveduras e lactobacilos aderiram fortemente as CEVH, tanto em CS quanto em CI. A coagregação levou a um aumento na capacidade de adesão das leveduras (p 0,05. Havendo correlação com o que acontece in vivo, probióticos à base de L. acidophillus e mesmo uma flora lactobacilar vaginal não surtiriam efeito protetor contra a adesão de C. albicans as CEVH e do possível desenvolvimento de candidíase vulvovaginal.This work has aimed to evaluate the influence of the L. acidophilus and Candida albicans co-aggregation on the adhesion capacity this microorganisms in the human ephitelial vaginal cells (HEVC. One vaginal isolated of C. albicans and one ATCC strain of L. acidophilus was used. A suspension of the isolated and co-aggregated microorganisms was incubated with HVEC obtained from a healthy donor. After one hour, smears were made with crystal violet and Papanicolaou, and the number of yeasts adhered to HVEC was evaluated (300 superficial-SC and 300 intermediate cells-IC. Scanning electron microscopy (SEM was made in all situations of the assays. Yeasts and lactobacilli adhered strongly to the HEVC, both SC and IC. The co-aggregation there was an increase in the adhesion capacity of the yeasts (p 0

  2. Prevalência das lesões intra-epiteliais de alto grau em pacientes com citologia com diagnóstico persistente de ASCUS Prevalence of high-grade squamous intraepithelial lesions in patients with persistent cytological diagnosis of ASCUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Rangel da Veiga

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a prevalência de lesões intra-epiteliais de alto grau (LIAG e câncer invasor em mulheres com citologia com diagnóstico de ASCUS (atipias em células escamosas de significado indeterminado persistente após 6 meses e verificar se a idade é fator indicador para a existência destas lesões neste grupo de mulheres. MÉTODOS: foram incluídos 215 casos de mulheres não-gestantes e HIV-negativas com diagnóstico de ASCUS (sem especificação persistente em duas citologias com intervalo mínimo de 6 meses. Tais resultados foram confrontados com o resultado histológico de biópsias, exéreses da zona de transformação (large loop excision of the transformation zone ou cones. Foram considerados negativos para LIAG ou câncer quando a colposcopia foi satisfatória e sem alterações ou quando, apesar de insatisfatória, não foi detectada lesão em pelo menos um seguimento citológico e colposcópico. Para estabelecer a prevalência de lesões, calculamos a freqüência de diagnósticos com seus respectivos intervalos de confiança a 95% (IC 95%. Para análise estatística da diferença de proporções de LIAG ou câncer em cada faixa de idade, foi utilizado teste do chi2, e ainda estimamos o risco destas lesões entre mulheres com mais de 35 anos pela razão de prevalências com seu IC 95%. RESULTADOS: encontramos um total de negativos de 49,3% dos casos (IC 95%: 42,6-55,9. A prevalência de lesões intra-epiteliais de baixo grau foi de 38,6% (IC 95%: 32,1-45,1 e de LIAG de 10,7% (IC 95%: 6,5-14,8. Casos de câncer foram encontrados em 1,4% das pacientes (IC 95%: 0-2,9. Não foi possível estabelecer, de forma significativa, maior risco de LIAG/câncer considerando o corte de idade em 35 anos. CONCLUSÃO: a prevalência de LIAG/câncer encontrada em nosso estudo mostra que o risco de encontrarmos este tipo de lesão em mulheres atendidas no Sistema Único de Saúde em nosso município com duas citologias com diagnóstico de

  3. Inspeção visual do colo uterino após aplicação de ácido acético no rastreamento das neoplasias intra-epiteliais e lesões induzidas por HPV Cervical visual inspection after application of acetic acid in screening intraepithelial neoplasia and HPV-induced lesions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Rachel Aguiar Cordeiro

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: estimar a validade da inspeção visual após aplicação de ácido acético (IVA no rastreamento das neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC e lesões induzidas por HPV, comparando seu desempenho com o da colpocitologia e da colposcopia. MÉTODOS: estudo de validação de teste diagnóstico realizado em 893 mulheres de 18 a 65 anos, rastreadas simultaneamente com colpocitologia, IVA e colposcopia, em unidade de saúde pública de Recife, PE. A IVA foi realizada por embrocação do colo com ácido acético a 5% e observação a olho nu, com auxílio de foco clínico comum. Considerou-se como positividade o achado de qualquer lesão aceto-branca no colo. O padrão-ouro foi o histopatológico de biópsia cervical, realizado sempre que qualquer um dos três testes resultasse anormal. Foram estimados e comparados os indicadores de validade de cada teste, com os respectivos intervalos de confiança a 95%. A concordância entre os resultados dos testes foi avaliada pelo coeficiente kappa (k. RESULTADOS: das 303 mulheres biopsiadas, o estudo histopatológico foi anormal em 24. Deste total, a IVA foi positiva em 22, conferindo-lhe sensibilidade estimada de 91,7%, especificidade de 68,9%, valor preditivo positivo de 7,5% e valor preditivo negativo de 99,7%. Comparando-se os intervalos de confiança a 95%, a IVA mostrou maior sensibilidade que a colpocitologia, mas com menores especificidade e valor preditivo positivo. Houve fraca concordância entre os resultados da IVA e da colpocitologia (k=0,02 e excelente concordância com os da colposcopia (k=0,93. CONCLUSÃO: a IVA foi muito mais sensível que a colpocitologia no rastreamento das NIC e lesões HPV-induzidas e teve o mesmo desempenho da colposcopia. Sua baixa especificidade foi responsável por um elevado número de resultados falso-positivos.PURPOSE: to estimate the validity of visual inspection of cervical intraepithelial neoplasia (CIN and HPV-induced lesion screening, after acetic

  4. Classificação dos tumores da mama: atualização baseada na nova classificação da Organização Mundial da Saúde de 2012 Classification of tumours of the breast: an update based on the new 2012 World Health Organization Classification

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helenice Gobbi

    2012-12-01

    Full Text Available A Organização Mundial da Saúde lançou em julho de 2012 a 4ª edição da Classificação dos Tumores de Mama. Nesta revisão, será realizada uma breve abordagem das principais mudanças da nova classificação, com ênfase nas implicações diagnósticas e terapêuticas. As principais mudanças foram: (i o fascículo atual é dedicado integralmente aos tumores da mama; (ii os tumores epiteliais foram agrupados de forma diferente, com o reconhecimento de nove tipos especiais e suas variantes e 11 tipos raros de tumores mamários, além do carcinoma ductal invasivo sem outra especificação. Foram reconhecidos e incluídos novos códigos para as variantes de carcinoma lobular, carcinomas com características medulares e subtipos de carcinomas metaplásicos; (iii foram sugeridos novos escores para avaliação imuno-histoquímica de receptores hormonais (> 1% de células positivas e receptor do fator de crescimento epidérmico 2 (HER2 (> 30% células fortemente positivas, circundando toda membrana; (iv apresentou-se nova abordagem da classificação molecular e genômica do câncer de mama, incluindo novos testes que empregam perfil de expressão gênica para predição da evolução clínica e resposta terapêutica; (v foi mantida a terminologia tradicional das lesões proliferativas intraductais, não se adotando a terminologia neoplasia intraepitelial ductal; (vi reconheceu-se a importância prognóstica de se distinguir hiperplasia lobular atípica e carcinoma lobular in situ (CLIS dentro do espectro das neoplasias lobulares; (vii as lesões de células colunares (alteração e hiperplasia de células colunares sem atipias foram separadas das atipias epiteliais planas, cuja evolução biológica ainda é pouco definida. Espera-se amplo uso da nova classificação, por patologistas e oncologistas, beneficiando pacientes, alvos principais dos avanços diagnósticos e terapêuticos.The World Health Organization released the 4th edition of

  5. Fatores de risco de recidiva de lesões intra-epiteliais cervicais após conização por cirurgia de alta freqüência em mulheres portadoras e não portadoras do vírus da imunodeficiência humana Risk factors for cervical intraepithelial lesions after loop electrosurgical excision procedure in HIV-infected and non-infected women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês de Miranda Lima

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores de risco associados à recidiva das lesões intra-epiteliais, após conização do colo com cirurgia de alta freqüência. MÉTODOS: estudo caso-controle aninhado em coorte de 201 pacientes que se submeteram à conização com cirurgia de alta freqüência por apresentarem lesão intra-epitelial cervical, acompanhadas, em média, por dois anos. Participaram 94 portadoras do HIV e 107 não-portadoras do vírus. A conização cervical foi realizada por cirurgia de alta freqüência e a peça cirúrgica encaminhada para exame histopatológico, que avaliou o grau da lesão, as margens e a ocupação glandular. Após a cirurgia, as pacientes foram examinadas a cada seis meses com citologia oncótica e colposcopia. Foram consideradas recidivas as lesões que, após a cirurgia, foram confirmadas novamente por biópsia. Neste estudo, foram considerados casos as pacientes com recidiva e controles as sem recidiva. As comparações entre os grupos foram realizadas pelo teste do chi2 e a análise multivariada pela regressão logística. Para a análise de sobrevida foi utilizado o método de Kaplan-Meier (teste log-rank. RESULTADOS: houve recidiva das lesões em 40 pacientes. As variáveis que inicialmente apresentaram significância estatística foram: número de parceiros, soropositividade, margens do cone e envolvimento glandular, como indicadores do risco para recidiva. A ocorrência simultânea de ocupação glandular e margens comprometidas apresentou as recidivas mais freqüentes. Após análise pela regressão logística, permaneceram significativamente associados à recorrência das lesões: ocupação glandular (OR=9,1; IC a 95%:13,0-27,5; presença do HIV (OR=4,6; IC a 95%:1,1-6,3; margens comprometidas (OR-2,6; IC a 95%:1,9-11,2. CONCLUSÕES: os fatores de risco associados à recidiva das lesões intra-epiteliais cervicais foram: soropositividade, ocupação glandular e margens comprometidas.PURPOSE: to evaluate

  6. La sobreexpresión de RAC3 es una señal transformante y proliferativa que contribuye al desarrollo tumoral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia V. Alvarado

    2011-02-01

    Full Text Available RAC3 fue caracterizado originalmente como un coactivador de receptores nucleares que se encuentra en cantidades limitantes en células normales, aunque sobreexpresado en tumores y es además coactivador de NF-?B. Si bien se desconocen los mecanismos involucrados en el aumento de su expresión, se sabe que induce resistencia a apoptosis. En este trabajo se investigó si RAC3 podría contribuir al desarrollo tumoral por otros mecanismos y si la citoquina TNF-a, que se encuentra en alto título en pacientes con cáncer, podría favorecer el aumento en la expresión de RAC3. Se observó que el aumento en la expresión del coactivador por transfección de células no tumorales de riñón embrionario humano HEK293 no solo aumenta significativamente la proliferación en presencia de suero, sino además en ausencia de factores de crecimiento. También se indujo la transformación celular dando un fenotipo con crecimiento independiente de anclaje similar a lo observado para células tumorales. El tratamiento de las células HEK293 en cultivo con TNF-a indujo un aumento en los niveles proteicos de RAC3 respecto de las células sin estímulo y este efecto fue inhibido por pretratamiento con un inhibidor específico de la activación de NF-?B, indicando que la activación de este factor de transcripción está involucrada en la acción de la citoquina. Se concluye que RAC3, además de su acción anti-apoptótica, es un factor transformante que promueve la proliferación y el crecimiento independiente de anclaje, cuyos niveles podrían ser aumentados en la tumorigénesis, probablemente vía las citoquinas inflamatorias involucradas en la respuesta anti-tumoral.

  7. Electrorretinograma estandarizado en pacientes sometidos a vitrectomía por retinopatía diabética proliferativa avanzada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Béjar-Cornejo

    2014-01-01

    Conclusiones: El electrorretinograma como examen preoperatorio en pacientes con desprendimiento de retina traccional diabético y AV sumamente comprometida, permite predecir el mal resultado visual posoperatorio.

  8. Stimulation of murine stem cell proliferation by circulating activities produced during the recovery of a radiation-induced hematopoietic injury. Estimulacion proliferativa de celulas madre hematopoyeticas de raton por actividades circulantes producidas durante la recuperacion de un dano hematopoyetico radioinducido

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Grande Azanedo, M.T.

    1989-02-01

    The proliferative activity of CFU-S, low in normal steady state, increases after treatment with different aggressors, i.e., radiation. This stimulation has been attributed in part to a local regulation system of stem cell proliferation, and at least in part to a humoral regulatory system. In the present work it has been investigated the role that circulating activities have in the CFU-S stimulation, by means of in vitro and in vivo incubation assays with diffusion chambers. The results show that bone marrow of mice irradiated with 5 Gy produces in vitro diffusible activities capable of stimulating the CFU-S proliferation. As well with this same dose circulating activities are also produced in vivo. In addition we have observed that these activities are only released during the periods of active hematopoietic regeneration that follow irradiation with moderate doses (1.5 and 5 Gy). In another set of experiments we saw that the stimulating activities are also detected in serum of mice irradiated with 5 Gy. These serum activities modify the proliferative state of very primitive precursors (12 d CFU-S). When the serum activities are added to long term bone marrow cultures the CFU-S are also stimulated to proliferate. Finally, we observed that the radiation-induced serum activities stimulate the proliferation of bone marrow CFU-S when injected into normal mice, suggesting that such activities are involved in the regulation of CFU-S proliferation.

  9. La sobreexpresión de RAC3 es una señal transformante y proliferativa que contribuye al desarrollo tumoral RAC3 overexpression is a transforming and proliferative signal that contributes to tumoral development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia V. Alvarado

    2011-02-01

    Full Text Available RAC3 fue caracterizado originalmente como un coactivador de receptores nucleares que se encuentra en cantidades limitantes en células normales, aunque sobreexpresado en tumores y es además coactivador de NF-?B. Si bien se desconocen los mecanismos involucrados en el aumento de su expresión, se sabe que induce resistencia a apoptosis. En este trabajo se investigó si RAC3 podría contribuir al desarrollo tumoral por otros mecanismos y si la citoquina TNF-a, que se encuentra en alto título en pacientes con cáncer, podría favorecer el aumento en la expresión de RAC3. Se observó que el aumento en la expresión del coactivador por transfección de células no tumorales de riñón embrionario humano HEK293 no solo aumenta significativamente la proliferación en presencia de suero, sino además en ausencia de factores de crecimiento. También se indujo la transformación celular dando un fenotipo con crecimiento independiente de anclaje similar a lo observado para células tumorales. El tratamiento de las células HEK293 en cultivo con TNF-a indujo un aumento en los niveles proteicos de RAC3 respecto de las células sin estímulo y este efecto fue inhibido por pretratamiento con un inhibidor específico de la activación de NF-?B, indicando que la activación de este factor de transcripción está involucrada en la acción de la citoquina. Se concluye que RAC3, además de su acción anti-apoptótica, es un factor transformante que promueve la proliferación y el crecimiento independiente de anclaje, cuyos niveles podrían ser aumentados en la tumorigénesis, probablemente vía las citoquinas inflamatorias involucradas en la respuesta anti-tumoral.RAC3 has been firstly characterized as a nuclear receptor coactivator that is found in limited amounts in normal cells, but is over-expressed in tumors and is also an NF-?B coactivator. Although the mechanisms involved in its over-expression are not clear, it is well known that it enhances resistance to apoptosis. In this work, we investigated if there are any additional mechanisms by which RAC3 may contribute to tumor development and if TNF-a, an inflammatory cytokine that is found at high levels in cancer could increase RAC3 levels. We found that enhancement of RAC3 levels by transfection of HEK293 cells with a RAC3 expression vector induces a significant increase of cell proliferation not only in the presence, but also in the absence of serum growth factors. Moreover, the cells were transformed showing an anchorage independent growth, similar to that observed in tumoral cells. The treatment of HEK293 cells with TNF-a induced an increase in the protein levels of RAC3 and this was blocked by an NF-?B specific inhibitor, suggesting that this transcription factor is involved in the cytokine effect. We conclude that RAC3, in addition to is anti-apoptotic action, is a transforming factor that promotes the proliferation and growth independent of anchorage, and that its levels could be elevated by the action of inflammatory cytokines that are involved in the anti-tumoral response.

  10. Índice mitótico em células epiteliais da brânquia de Guaru (Poecilia vivipara tratados com frações da casca do caule e da folha de pequi (Caryocar brasiliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. D. S. Motter

    2004-08-01

    Full Text Available Many wild plants of the Cerrado bioma are used as medicinal plants. The pequi (Caryocar brasiliensis is representative of those equipped with molluscicidal action against schistosomiasis. This paper sets out to verify the toxic action of pequi fractions in other aquatic animals before they are used in rivers or lakes. Analysis were made of the alterations to the mitotic index of epithelia cells in the gills of guppy (Poecilia vivipara exposed to ethyl-acetate fraction of leaf pequi and bark. Animals exposed to ethyl-acetate fraction (leaf, no significant change was observed in the mitotic index when compared with the control group, whereas in fish exposed to ethyl-acetate fraction (bark we detected an increase in mitotic index of the epithelia cells in two regions of the branchial filaments. Thus, ethyl-acetate fractions (leaf could be used against schistosomiasis, given their high efficacy and low action as piscicide.

  11. Avaliação do efeito carcinogênico de edulcorantes por meio do teste para detecção de clones de tumores epiteliais (warts) em Drosophila melanogaster

    OpenAIRE

    Vasconcelos, Mirley Alves

    2016-01-01

    Os adoçantes podem ser nutritivos e não nutritivos, naturais ou sintéticos, sendo os últimos mais doces em relação ao açúcar de mesa. Estes compostos naturais possuem uso crescente por serem mais seguros, embora esta segurança não possa ser considerada total. Os adoçantes mais consumidos são os não calóricos, dentre eles o aspartame, a sucralose, a sacarina sódica e o glicosídeo de esteviol. Tais substâncias sempre foram alvo de estudos relacionados à genotoxicidade, porém, ...

  12. Titulação de Anticorpos Séricos Anti-Epiteliais e Células Dendríticas no Pênfigo Foliáceo Endêmico

    OpenAIRE

    Maria Paula do Valle Chiossi

    2001-01-01

    Com o propósito de colaborar na elucidação da fisiopatologia do pênfigo foliáceo endêmico (PFE), realizou-se titulação de anticorpos séricos e quantificação das células de Langerhans (CL) e células dendríticas dérmicas (CD) na pele de pacientes com PFE. Sangue e biopsia de pele de lesão ativa foram colhidos de 22 pacientes com PFE e, em 13 deles realizou-se também biopsia de pele normal não adjacente à lesão, em área não exposta ao sol. Dos 22 pacientes, 13 apresentavam a forma clínica local...

  13. Retinopatia Diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Henrique Canani

    2011-02-01

    Retinopatia diabética não proliferativa severa. Marcador triangular: exsudatos duros. Setas tracejadas: hemorragias. Setas grandes: exsudatos algodonosos. Setas pequenas: microaneurismas/microhemorragias

  14. Avaliação da sensibilidade e especificidade dos exames citopatológico e colposcópico em relação ao exame histológico na identificação de lesões intra-epiteliais cervicais Sensibility and specificity of cytology and colposcopy exams with the histological evaluation of cervical intraepithelial lesions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FELIPE FRANCISCO BONDAN TUON

    2002-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este trabalho teve como objetivo avaliar a concordância dos exames citológico e colposcópico com o resultado da análise histológica, obtida a partir de biópsia colpodirigida. MÉTODOS: Foram selecionadas 80 pacientes do ambulatório de colposcopia do Hospital e Maternidade Santa Brígida de Curitiba, PR. As pacientes foram encaminhadas à colposcopia segundo os seguintes critérios: 1 exames citológicos prévios com resultado anormal, 2 dados clínicos indicativos de alteração ou 3 lesões suspeitas ao exame ginecológico. A análise da significância estatística entre os resultados dos exames foi realizada por meio do teste de Qui-quadrado e foram determinados os valores correspondentes à sensibilidade, especificidade, valor preditivo negativo e valor preditivo positivo de cada método. RESULTADOS: As pacientes apresentaram idade média de 30,2 anos (±10,9. A capacidade de identificação da presença de lesão na citologia com relação à histologia foi de 50%. A especificidade da citologia foi de 77%, a sensibilidade de 41%, o valor preditivo positivo de 74% e o valor preditivo negativo de 45%. A capacidade da colposcopia em identificar a presença de lesão foi de 51%. A sensibilidade foi de 96%, a especificidade de 19%, o valor preditivo positivo de 65% e o valor preditivo negativo de 75%. A capacidade dos dois métodos associados de detectar a presença de lesões foi de 63%. CONCLUSÕES: A citologia mostrou-se um exame de alta especificidade, enquanto que a colposcopia das pacientes selecionadas apresentou alta sensibilidade. A associação de colposcopia ao screening feito pela citologia, em pacientes selecionadas, aumenta muito a acurácia do diagnóstico das lesões precursoras do carcinoma do colo uterino.OBJECTIVE:To evaluate the correlation of cytopathological and colposcopycal diagnosis with the histopathological analysis from biopsy.METHODS: 80 patients from the colposcopy ambulatory of the Hospital e Maternidade Santa Brígida de Curitiba, PR, were selected. Those patients were sent to colposcopy under the following criteria: 1 previous abnormal cytopathological exams, 2 Indicative clinical data or, 3 Suspected lesions on gynecological exam. The statistical significance analysis of the results was done using the chi-square test. Sensibility, specificity, positive predictive value (PPV and negative predictive value (NPV were also determined.RESULTS: The patients' mean age was 30.2 (±10.9. Cytopathological capability of identifying lesions was 50% when compared to histology. Its specificity was 77%, the sensibility 41%, the PPV 74%, and the NPV 45%. Colposcopy capability of identifying lesions was 50%. Its sensibility, specificity, PPV and NPV were 96%, 19%, 65% and 75% respectively. The two methods associated were capable of identifying 63% of the lesions.CONCLUSIONS: Cytopathology was a high specificity exam, while colposcopy from those selected patients had a high sensibility. Colposcopy association with cytopathological screening, on those selected patients, significantly raises the diagnostic accuracy of cervical cancer precursor lesions.

  15. Incidence of cervical intraepithelial lesions in a population of adolescents treated in public health services in Rio de Janeiro, Brazil Incidência de lesões intra-epiteliais cervicais em população de adolescentes atendidas em serviço público de saúde no Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Leite Maia Monteiro

    2009-05-01

    Full Text Available This study aimed to estimate the incidence and types of cervical cytopathological findings in adolescents who were treated in public health services between 1993 and 2006. This is a cohort study, with the following inclusion criteria: O objetivo foi estimar a incidência e os tipos das alterações citopatológicas cervicais em adolescentes acompanhadas em serviço público entre 1993-2006. Estudo de coorte, tendo como critérios de inclusão: idade < 20 anos, apresentar atividade sexual, citopatologia negativa para lesão cervical na entrada do estudo ou tempo de atividade sexual <1 ano. Os dados foram coletados de prontuários de 403 adolescentes. Foi estimada densidade de incidência, e para o cálculo da incidência das alterações citopatológicas referentes a cinco anos de acompanhamento após atividade sexual foi utilizado o método atuarial. No primeiro ano de atividade sexual, a incidência de lesões cervicais foi de 24,1%. Houve redução da incidência nos quatro anos subseqüentes com variação entre 3-8%. A densidade de incidência foi de 4,7 casos/100 pessoas-ano. O primeiro diagnóstico citológico anormal mostrou atipias em células escamosas de significado indeterminado (ASCUS em 5,5% (22 das pacientes, lesão intra-epitelial escamosa de baixo grau (LSIL em 28% (113 e lesão intra-epitelial escamosa de alto grau (HSIL em 3% (12. Oito (67% dos casos de HSIL ocorreram no primeiro ano de atividade sexual. A incidência de alterações citopatológicas é alta no início da vida sexual, sugerindo ser importante a inclusão das adolescentes sexualmente ativas no Programa de Controle do Câncer de Colo Uterino.

  16. Investigação do valor da categoria diagnóstica de células epiteliais atípicas, de significado indeterminado, e origem indefinida da nomenclatura brasileira para laudos citopatológicos cervicais Investigation of the value of the atypical epithelial cells of undetermined significance and origin diagnostic category proposed by the Brazilian nomenclature for reporting cervical cytological diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Piazzetta Pinto

    2006-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Em 2002 a Nomenclatura Brasileira para Laudos de Citopatologia Cervical Uterina foi revisada, sendo criada uma categoria para atipias de significado indeterminado (ASI e elaborada uma categoria de origem indefinida (ASIOI. Assim como as células atípicas de significado indeterminado de origem escamosa (ASCUS e as células atípicas de significado indeterminado de origem glandular (AGUS, a categoria diagnóstica ASIOI é controversa. Apesar disso, nenhum estudo nacional anterior a este investigou sua validade. OBJETIVO: Este trabalho tem como objetivo principal investigar a importância da categoria ASIOI. Secundariamente, visa ainda contribuir com a divulgação da Nomenclatura Brasileira para Laudos de Citopatologia Cervical Uterina, através de sua publicação na íntegra. MATERIAIS E MÉTODOS: Este estudo resultou da colaboração de dois laboratórios privados de anatomia patológica e citopatologia. Os casos foram selecionados a partir de arquivos de exames citopatológicos, realizados entre 2000 e 2004, com diagnóstico de ASCUS ou AGUS e seguidos por exame histológico. Foram selecionados e revisados 30 casos, sendo identificados campos citológicos diagnósticos de ASIOI, ASCUS e AGUS. RESULTADOS: Dos 30 casos, 26 foram selecionados para o estudo após revisão citopatológica. Desses, 19 apresentavam apenas campos citológicos com diagnóstico de ASCUS e/ou AGUS, sendo utilizados como grupo-controle. Apenas sete casos continham campos compatíveis com ASIOI, dos quais 4 (57,1% estavam associados a AGUS; 1 (14,3% a ASCUS; 1 (14,3% estava associado a ambos; e 1 (14,3% não possuía alterações compatíveis com ASCUS e/ou AGUS. DISCUSSÃO: Os casos de ASIOI encontrados mostraram forte associação com a categoria AGUS e com alterações glandulares na histologia. A maior parte dessas correspondeu a alterações reacionais e benignas, exceto por um caso de displasia e um de adenocarcinoma in situ. O diagnóstico de ASIOI é um achado raro e uma cuidadosa revisão da lâmina, na maioria dos casos, resultará no encontro de campos de AGUS. Vale ainda salientar a forte associação desse diagnóstico com áreas de má fixação nos esfregaços. Novos estudos sobre o assunto serão necessários. Com base nos achados do presente estudo, sugerimos que a persistência desse termo deva ser questionada em futuras revisões da nomenclatura nacional para laudos citopatológicos.BACKGROUND: In 2002, the Brazilian Nomenclature for Reporting Cervical Cytological Diagnosis was revised. A category of atypical epithelial cells of undetermined significance (AUS and another (sub-classification of atypical epithelial cells of undetermined significance and undetermined origin (AUSUO were introduced. Like atypical squamous cells of undetermined significance (ASCUS and atypical glandular cells of undetermined significance (AGUS, the diagnostic category AUSUO is controversial. Despite controversies, no previous national study had investigated its importance. OBJECTIVES: This study has the main objective of investigate the importance of the diagnostic category AUSUO. Another purpose is to contribute to spread the Brazilian Nomenclature for Reporting Cervical Cytological Diagnosis, by publishing it entirely. MATERIALS AND METHODS: The study resulted from the contribution of two private pathology and cytopathology laboratories. Cases diagnosed as ASCUS or AGUS with follow-up were selected from archives of cytopathology exams, collected from the period between 2000 and 2004. In total, 30 cases were selected and revised, being identified cytological diagnostic fields of ASIOI, ASCUS and AGUS. RESULTS: After revision, from the 30 cases, 26 were selected for the study. Among these, 19 presented cytological fields with diagnosis of only ASCUS and/or AGUS and were used as a control group. Only seven cases contained fields compatible with AUSUO, 4 (57,1% were associated with AGUS; 1 (14.3% with ASCUS; 1 (14.3% with both; and 1 (14.3% had no alterations compatible with ASCUS and/or AGUS. CONCLUSIONS: The AUSUO cases showed a strong association with AGUS and glandular alterations in histology. Most of these cases corresponded to reactive and benign alterations, except for one case of endocervical dysplasia and one case of in situ adenocarcinoma. The AUSUO diagnosis is a rare finding, and after a careful revision of the pap smears, in the majority of the cases, fields of AGUS are found. It’s worthwhile to emphasize the strong association between this diagnosis and poor fixed areas in the pap smears. New studies will be necessary to confirm our findings. Based in this first approach to this issue, we suggest that the persistence of this term should be questioned in the forthcoming revisions of our national nomenclature for reporting cervical cytological diagnosis.

  17. Study of the virome and microbiome associated to the proliferative verrucous leukoplakia

    OpenAIRE

    García López, Rodrigo

    2017-01-01

    Estudio del viroma y microbioma oral asociados con la leucoplasia verrugosa proliferativa La leucoplasia verrugosa proliferativa (LVP) es una forma maligna de leucoplasia oral (LO) que se manifiesta como parches blanquecinos hiperqueratóticos en la cavidad oral humana. Éstas son detectadas prevalentemente en mujeres de la tercera edad. La mayor parte de las LVP con el tiempo derivan en un tipo agresivo de cánceres orales, principalmente el carcinoma oral de célula escamosa (COCE). Las a...

  18. Alterações retinianas apresentadas em pacientes portadores de hemoglobinopatia falciforme atendidos em um Serviço Universitário de Oftalmologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Guilherme Azevedo de Freitas

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar os principais achados fundoscópicos em pacientes portadores de anemia falciforme encaminhados a um Serviço Oftalmológico de Referência em Goiânia (GO. MÉTODOS: Foram realizados exames oftalmológicos em 50 pacientes (100 olhos portadores de hemoglobinopatia falciforme para observar quais as alterações retinianas mais comuns nesse grupo. RESULTADOS: O tipo de hemoglobinopatia mais encontrado foi o SS, seguido pelas hemoglobinopatias SC, AS e Sthal. Dentro da amostra estudada, 22% apresentaram alterações retinianas. Destes 73% eram do sexo masculino. A alteração retinianas encontradas foram: "sea fan", "black sunburst", hemorragia vítrea e descolamento de retina. Em relação à classificação da retinopatia, 73% apresentaram a forma proliferativa, sendo vista nos tipos AS e SC e 27% apresentaram a forma não-proliferativa da retinopatia, sendo vista nos portadores do tipo SS. CONCLUSÃO: Foi observado elevado número de pacientes com alterações retinianas na amostra estudada, sendo o maior número em portadores da hemoglobinopatia SC, seguido dos grupos AS e SS. As alterações proliferativas foram as mais observadas. Hemorragia vítrea e descolamento de retina foram as manifestações proliferativas de maior prevalência e mostraram ser mais frequente em portadores da hemoglobinopatia SC na população estudada.

  19. Cultura Primária de Explant de Hiperplasia Prostática Benigna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Borba Martiny

    2014-01-01

    Full Text Available A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB é um crescimento patológico e não maligno da próstata causada principalmente pela proliferação exacerbada das células epiteliais e, principalmente, estromais. Essa neoplasia benigna acomete a maioria dos homens de idade avançada, sendo a condição crônica mais prevalente entre a população masculina. Como mostrado em estudos, o desenvolvimento prostático é intimamente dependente da interação entre as variantes celulares estromais e epiteliais presentes nesta glândula. Entretanto, a cocultura de ambos os tipos celulares é de difícil estabelecimento, uma vez que os dois tipos celulares têm diferentes características de adesão à placa de cultivo celular.

  20. A expressão da proteína p16 e herpes simples vírus tipo 2 em lesões pré-neoplásicas e neoplásicas do colo do útero

    OpenAIRE

    Salcedo,Mila de Moura Behar Pontremoli; Silveira,Gustavo Py Gomes da; Zettler,Cláudio Galeano

    2008-01-01

    OBJETIVO: demonstrar a expressão de biomarcadores, detectados por técnicas de imunohistoquímica, em tecidos sadios, lesões pré-neoplásicas e neoplásicas do colo do útero. MÉTODOS: para avaliação da reatividade imunohistoquímica de tecidos do colo do útero ao p16 e ao herpes simples vírus tipo 2 (HSV-2), foram avaliadas 187 amostras de lesões intra-epiteliais de baixo grau (LIE-BG) e lesões intra-epiteliais de alto grau (LIE-AG) e carcinoma do colo do útero, e comparadas com grupo de pacientes...

  1. Ocorre alta incidência de células da pele na primeira e terceira gotas do líquido cefalospinal em raquianestesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Humberto Curado Taveira

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Fragmentos de pele durante punções subaracnóideas podem desenvolver tumores epidermoides intraespinais. O objetivo deste estudo foi verificar a incidência de células epiteliais que refluem junto com a primeira e terceira gotas de líquor de pacientes submetido a raquianestesia. MÉTODO: Foram obtidas amostras da primeira e terceira gotas de líquor em 39 pacientes adultos submetidos à raquianestesia com agulha 25G Quincke, sendo confeccionadas quatro lâminas: da primeira gota, da terceira gota, da agulha e uma quarta lâmina controle com uma gota de soro fisiológico. As lâminas foram examinadas de forma randomizada pelo patologista. RESULTADOS: Foram identificadas células epiteliais escamosas em 35 (89,7% das amostras da primeira gota, em 34 (87,2% da terceira gota e em 24 (61,5% das agulhas espinais. A terceira gota apresentou em média maior número de células que a primeira gota (p = 0,046. Células epiteliais nucleadas foram encontradas em uma (2,56% das amostras da primeira gota, em quatro (10,25% da terceira gota e em uma (2,56% das agulhas espinais. A terceira gota apresentou em média maior número de células nucleadas que a primeira gota sem diferença estatística (p = 0,257. CONCLUSÕES: Encontramos uma alta porcentagem de células epiteliais que refluem na primeira (89,7% e na terceira (87,2% gotas do líquor e nas agulhas utilizadas (61,5%. Mesmo utilizando agulhas de pequeno calibre, descartáveis e com mandril bem adaptado, foram encontradas células da pele.

  2. Células madres pulpares: describiendo y descubriendo potencialidades

    OpenAIRE

    Merino, Graciela Mónica; Dewey, Ricardo Alfredo; Mayocchi, Karina; Butler, Teresa Adela; Dorati, Pablo; Basal, Roxana Lía; Paggi, Ricardo; Cantarini, Luis Martín; Pinola, Lidia; Micinquevich, Susana

    2015-01-01

    La evidencia científica ha demostrado que las células madre (CM) ofrecen una importante innovación en la investigación odontológica. Ellas pueden diferenciarse posibilitando el reemplazo de tejidos afectados aunque sean de otros linajes celulares. Las de origen dental por su multipotencialidad pueden formar células con carácter osteo/odontogénico, adipogénico y neurogénico. La pulpa dental ofrece células madre en baja concentración, siendo más proliferativas aquellas que dan origen a la coron...

  3. Factores de riesgo y severidad de la retinopatía diabética

    OpenAIRE

    Castro Cárdenas, Karyna; López Dorta, Niurka; Rodríguez Rivero, Darlén; Suárez Pérez, Juana Caridad; Llerena Rodríguez, Jorge Alberto

    2013-01-01

    Objetivo: caracterizar a los pacientes diagnosticados de retinopatía diabética en cuanto a severidad y presencia de factores de riesgo. Métodos: se realizó un estudio observacional, descriptivo y transversal con 135 pacientes diagnosticados de retinopatía diabética en el Servicio de Oftalmología del Hospital Militar Central "Dr. Luis Díaz Soto". Resultados: hubo predominio de retinopatía diabética no proliferativa; mayor número de pacientes clasificados como diabéticos tipo 2; la forma de tra...

  4. Uso de los vectores lentivirales para la sobreexpresión de genes en cultivos primarios de células de músculo liso vascular

    OpenAIRE

    Alba Santos Hipólito

    2015-01-01

    Las células musculares lisas de la pared vascular (CMLV) son células bien diferenciadas, que se caracterizan por una gran abundancia en proteínas contráctiles, como la actina y la miosina y poco retículo endoplásmico rugoso. Estas células tienen en condiciones normales una función contráctil, adecuada a su papel fundamental en el control del tono vascular, y una capacidad migratoria y proliferativa muy limitada. Sin embargo, las CMLV son capaces de pasar de un fenotipo contráct...

  5. Cambios hormonales asociados al embarazo: Afectación gingivo-periodontal Hormonal changes associated to pregnancy: Gingivo-periodontal involving

    OpenAIRE

    E. Figuero-Ruiz; I. Prieto Prieto; A. Bascones-Martínez

    2006-01-01

    La gingivitis gravídica es una inflamación proliferativa, vascular e inespecífica con un amplio infiltrado inflamatorio celular. Clínicamente se caracteriza por una encía intensamente enrojecida que sangra fácilmente, por un engrosamiento del margen gingival y por hiperplasia de las papilas interdentales que pueden dar lugar a la aparición de pseudobolsas. La prevalencia varía entre el 35 y el 100% de las embarazadas con gingivitis previa. Aunque parece que durante el embarazo la susceptibili...

  6. Imunolocalização da podoplanina em tumores odontogênicos benignos

    OpenAIRE

    Adriana dos Santos Caetano

    2011-01-01

    A podoplanina humana é uma glicoproteína que se expressa em várias células e tecidos normais e neoplásicos, inclusive aqueles de origem odontogênica. O objetivo deste estudo foi identificar a imunolocalização da podoplanina em tumores odontogênicos epiteliais com e sem ectomesênquima incluindo oito ameloblastomas, nove tumores odontogênicos adenomatóides, vinte tumores odontogênicos queratocísticos, cinco cistos odontogênicos ortoqueratinizados, um tumor odontogênico epitelial calcificante,...

  7. Efeito de anti-inflamatórios não esteroidais na apoptose de células epidermais lamelares de equinos com laminite

    OpenAIRE

    Gonçalves,C.A.P.; Botteon,P.T.L.; Alves,G. E.S.; Faleiros,R.R.; Paes Leme,F.O.; Mendes,H.M.F.; Vasconcelos,A.C.

    2013-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da administração dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs) cetoprofeno, fenilbutazona e flunixin meglumine sobre o índice apoptótico de células epiteliais do tecido lamelar de cavalos com laminite induzida por administração de amido. Foram empregados 20 equinos hígidos, divididos em quatro grupos experimentais (n=5): solução salina, cetoprofeno, fenilbutazona e flunixin meglumine. O tecido lamelar foi coletado por biópsia, fixado e corad...

  8. Expressão imunoistoquímica do p16 e do PDGFR-beta no adenocarcinoma gástrico

    OpenAIRE

    Rodrigo Pozza Pinto

    2005-01-01

    O adenocarcinoma de estômago foi a principal causa de morte por neoplasia maligna no mundo durante grande parte do século XX e atualmente é superado somente pelas neoplasias epiteliais malignas de pulmão. Cerca de 750.000 novos casos são diagnosticados anualmente. Apresenta grande variação geográfica, sendo suas maiores incidências encontradas no Japão, América do Sul, Europa Oriental e Oriente Médio. É duas vezes mais freqüente em homens do que em mulheres; é pouco comum antes dos 40 anos e ...

  9. Produção da proteína recombinante anexina V humana em cultivos de Escherichia coli em batelada alimentada

    OpenAIRE

    Marder, Laura Schirmbeck

    2013-01-01

    A Anexina V é uma proteína humana endógena dependente de Ca+2, com peso molecular de 35,8 kDa, amplamente distribuída intracelularmente em altas concentrações na placenta e em concentrações mais baixas nas células endoteliais, renais, miocárdicas, epiteliais, esqueléticas musculares, eritrócitos, plaquetas e monócitos. Apresenta como principal característica a capacidade de se ligar à fosfatidilserina, um fosfolipídeo presente na camada interna da bicamada lipídica, que durante a apoptose cel...

  10. Formas graves de retinopatia predizem aterosclerose subclínica em indivíduos com diabetes tipo 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando K. Almeida

    2011-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em pacientes com diabetes tipo 2, a presença de retinopatia está associada a doença cardiovascular aumentada, independentemente dos fatores de risco conhecidos para a doença vascular. OBJETIVO: Investigar a associação da retinopatia diabética (RD e seus graus com a presença de aterosclerose coronariana subclínica em pacientes com diabetes tipo 1. MÉTODOS: Um estudo transversal foi conduzido com 150 pacientes com diabetes tipo 1, assintomáticos para doença arterial coronariana. Foram submetidos à avaliação clínica para verificar complicações microvasculares e avaliação para a presença de calcificação arterial coronariana (CAC. RESULTADOS: Formas graves de RD (RD grave não proliferativa - RDNP - e RD proliferativa - RDP foram associadas à CAC (RC: 3,98; IC de 95%; 1,13-13,9, p = 0,03, de maneira independente dos fatores de risco conhecidos para a doença cardiovascular (idade, A1C, hipertensão, dislipidemia e sexo masculino. CONCLUSÃO: Os pacientes com formas graves de RD estão em risco de presença de doença arterial coronariana, de maneira independente dos tradicionais fatores de risco cardiovascular.

  11. Hepatobiliary alterations in massive biliary ascariasis: histopathological aspects of an autopsy case Lesões hepatobiliares em ascaridíase biliar maciça: aspectos histopatológicos em um caso de autópsia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos da Costa Gayotto

    1990-04-01

    Full Text Available Hepatobiliary alterations found in an autopsy case of massive Biliary Ascariasis, are reported on histological grounds. Severe cholangitis was the main finding, but other changes were also detected, such as pyloric and intestinal metaplasia, hyperplasia of the epithelial lining, with intraductal papillomas and adenomatous proliferation. Remnants of the worm were observed tightly adhered to the epithelium, forming microscopic intrahepatic calculi. Mucopolysaccharides, especially acid, showed to be strongly positive on the luminal border, and in proliferated glands around the ducts. The authors discuss the similarity between such findings and Oriental Cholangiohepatitis, and suggest that inflammation and the presence of the parasitic remnants are responsible for the hyperplastic and metaplastic changes, similarly with what occurs in chlonorchiasis, fascioliasis and schistosomiasis.Os autores apresentam os aspectos histopatológicos encontrados no fígado de um caso de autópsia de Ascaridíase Biliar maciça. A intensa colangite foi o aspecto predominante, mas outras lesões também foram encontradas, tais como metaplasia pilórica e intestinal, hiperplasia epitelial com papilomas intraductais, e por vezes padrão adenomatoso. Restos do helminto foram encontrados fortemente aderidos ao epitélio, sendo intensa a positividade de mucopolissacárides, principalmente ácidos, na borda luminal do epitélio ductal e em glândulas proliferadas ao redor dos ductos. Os autores discutem a semelhança da Ascaridíase Biliar com a Colangio Hepatite Oriental, e sugerem que o processo inflamatório e a presença de restos do verme são responsáveis pelas alterações hiperplásicas e metaplásicas, analogamente ao que ocorre na clonorquíase, fasciolíase e esquistossomose.

  12. Nephrotic syndrome associated with hepatointestinal schistosomiasis Síndrome nefrótica associada à esquistossomose hepatointestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H. Abensur

    1992-08-01

    Full Text Available Schistosomal nephropathy has long been related to the hepatosplenic form of schistosomiasis. In the last few years, 24 patients with hepatointestinal schistosomiasis and the nephrotic syndrome were studied. Aiming at evaluating a possible etiologic participation of schistosomiasis in the development of the nephropathy, this group was comparatively studied with a group of 37 patients with idiopathic nephrotic syndrome. Both groups had a different distribution of the histologic lesions. In the group with schistosomiasis there was a statistically significant prevalence of proliferative mesangial glomerulonephritis (33.3%, whereas in the control group there was prevalence of membranous glomerulonephritis (32.4%. On immunofluorescence, IgM was positive in 94.4% of the patients with schistosomiasis versus 55.0% in the control group (pA nefropatia esquistossomótica está classicamente vinculada à fornia hepatoesplênica da esquistossomose. Ao longo dos últimos anos 24 casos de pacientes esquistossomóticos hepato-intestinais e portadores de síndrome nefrótica foram estudados. Com o objetivo de verificar a possível participação etiológica da esquistossomose na gênese da nefropatia, analisamos este grupo comparativamente ao grupo de 37 doentes portadores de síndrome nefrótica idiopática. Ambos os grupos apresentaram distribuição distinta dos tipos histológicos de glomerulopatia. No grupo de esquistossomóticos houve predomínio estatisticamente significante de glomerulonefrite proliferativa mesangial (33.3%, enquanto no grupo controle houve predomínio da glomerulonefrite membranosa (32.4%. A positividade para IgM à imunofluorescência foi de 94.4% nos doentes esquistossomóticos versus 55.0% no grupo controle (p<0.01. No grupo de esquistossomóticos 8 pacientes evidenciaram glomerulonefrite proliferativa mesangial e 5, glomerulonefrite membranoproliferativa. Em ambos os tipos histológicos a imunofluorescência mostrou dep

  13. Ploidia de DNA em astrocitomas: estudo em 66 pacientes brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    KRUTMAN-ZVEIBIL DEBORAH

    1999-01-01

    Full Text Available A determinação do conteúdo de DNA nuclear (fração de fase S e ploidia de DNA foi realizada por meio de análise de imagem em 66 astrocitomas, a partir de material fixado em formalina e seccionado em cortes de 5 micrômetros corados pela técnica de Feulgen. Nossos resultados mostraram forte relação entre a idade do paciente, grau histológico e sobrevida , com a ploidia de DNA e o percentual de células em fase de síntese. A análise da atividade proliferativa de astrocitomas intracranianos é a nosso ver muito útil no entendimento do comportamento biológico , do prognóstico e para o planejamento terapêutico dessas lesões.

  14. Prevalência da retinopatia diabética no Ambulatório de Endocrinologia Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo The prevalence of diabetic retinopathy at the Pediatric Endocrinology Outpatient Clinic of the Santa Casa de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel de Souza Pereira

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de retinopatia diabética encontrada na população de diabéticos tipo 1, acompanhada no Ambulatório de Endocrinologia Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, entre 29 de agosto de 2000 e 17de agosto de 2001, e sua relação com o sexo, a idade do paciente na ocasião do diagnóstico do diabete e a duração do diabete. MÉTODO: Foi realizado mapeamento de retina, biomicroscopia de fundo e retinografia em 81 pacientes, 41 do sexo feminino e 40 do masculino, a fim de detectar e classificar a retinopatia diabética nessa população. RESULTADOS: A idade dos pacientes variou entre 4 e 23 anos (média = 12,0 ± 12,0, a idade do paciente na ocasião do diagnóstico, entre 6 meses e 15 anos (média = 3,4 ± 5,8 e a duração do diabete, entre 7 meses e 20 anos (média = 5,8 ± 4,4. A retinopatia diabética foi observada em 14 pacientes (17,3%, 7 (8,6% com a forma não proliferativa muito leve, 5 (6,2% com forma não proliferativa leve, 1 (1,2% com forma proliferativa de alto risco e 1 (1,2% com forma proliferativa avançada. CONCLUSÕES: A prevalência da retinopatia diabética na nossa amostra é 17,3%. Não há diferença entre os portadores e não portadores de retinopatia diabética quanto a sexo e idade do paciente na ocasião do diagnóstico. Quanto maior a duração da diabete, maior a prevalência da retinopatia diabética.PURPOSE: To verify the prevalence of diabetic retinopathy found in a type I diabetic population, accompanied at the Pediatric Endocrinology Outpatient Clinic of the "Santa Casa de Misericórdia de São Paulo", between August 29, 2000 and August 17, 2001, and it's relationship with sex, the patient's age on occasion of the diagnosis of diabetes and the duration of diabetes. METHODS: Retinal mappings, biomicroscopic fundus and retinography were accomplished in 81 patients, 41 female and 40 male, in order to detect and to classify the diabetic retinopathies in that

  15. Células-tronco do líquido amniótico

    OpenAIRE

    Bydlowski,Sergio P.; Debes,Adriana A.; Duarte,Sergio A.; Janz,Felipe L.; Cavaglieri,Rita de Cássia; Maselli,Luciana M. F.

    2009-01-01

    Desde o primeiro isolamento e cultivo de células-tronco embrionárias humanas, há mais de 10 anos, seu uso na pesquisa e terapia foi inibida por considerações éticas complexas e pelo risco de transformação maligna destas células indiferenciadas após transplante no paciente. As células-tronco adultas são eticamente aceitas e o risco de transformação maligna é muito baixo. Entretanto, seu potencial de diferenciação e sua capacidade proliferativa são limitados. Cerca de 6 anos atrás, a descoberta...

  16. Eficacia del diclofenaco tópico vs. nepafenaco tópico en la reducción del dolor durante la fotocoagulación panretiniana

    OpenAIRE

    Hernández-Camarena, Julio C.; Valdez-García, Jorge E.; Rodríguez-García, Alejandro

    2016-01-01

    Propósito: Comparar la eficacia del diclofenaco tópico 0.1% vs. nepafenaco tópico en reducir el dolor asociado a la fotocoagulación panretiniana con láser argón. Material y métodos: Ensayo clínico aleatorizado doble enmascarado, 132 pacientes (183 ojos) con diagnóstico de retinopatía diabética proliferativa tratados con fotocoagulación panretiniana. Aleatorización en 2 grupos: diclofenaco y nepafenaco tópicos. Se aplicaron 2 dosis de los analgésicos tópicos previas a la fotocoagulación pan...

  17. Alterações retinianas em jovens portadores de anemia falciforme (hemoglobinopatias em hospital universitário no nordeste do Brasil Retinal impairment in young individuals with sickle cell anemia (hemoglobin SS disease in university hospital in Northeastern of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allisson Mário dos Santos

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever e classificar alterações retinianas encontradas em portadores de anemia falciforme com genótipo SS, bem com comparar métodos diagnósticos (mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados pacientes portadores de anemia falciforme com idade igual ou superior a sete anos. Esses pacientes foram submetidos a mapeamento de retina e angiofluoresceinografia. Os achados do mapeamento de retina foram agrupados em três classes: sem alterações; alterações não proliferativas e alterações proliferativas. Os resultados à angiofluoresceinografia foram classificados de acordo com os estágios de Goldberg, variando de I a V e expressando gradiente crescente de gravidade. RESULTADOS: Foram avaliados 61olhos de 31pacientes. A retinopatia falciforme foi encontrada em 38/61 (62,3% dos olhos examinados. A média de idade do grupo de portadores de retinopatia foi menor que dos pacientes sem retinopatia (14,4 versus 17,4 anos, p=0,04. Observou-se elevada freqüência de retinopatia não proliferativa, especialmente as tortuosidades vasculares (27,9%, seguidas por anastomoses arteriovenosas na periferia da retina (24,6% e oclusões arteriolares (8,2%. Em um olho foi observado neovascularização. Em 16,4% dos olhos obteve-se resultado normal no mapeamento de retina e alterado à angiofluoresceinografia. CONCLUSÕES: As alterações retinianas do tipo não proliferativa são frequentes e precoces nos portadores de anemia falciforme do tipo SS, sendo a angiofluoresceinografia mais sensível no diagnóstico quando comparada ao mapeamento de retina.PURPOSES: To describe and categorize retinal vascular changes in patients with sickle cell anemia, as well as to compare diagnostic methods (indirect ophthalmoscopy and fluorescein angiography. METHODS: Patients with sickle cell anemia over the age of seven were examined. Complete ophthalmologic examination with indirect ophthalmoscopy and

  18. Análise da acetilação de histona 3 e sua relação com proliferação celular e transição epitélio mesênquima em leucoplasias e carcinomas espinocelulares de boca

    OpenAIRE

    Liana Preto Webber

    2015-01-01

    O desenvolvimento e a progressão do câncer bucal envolvem processos complexos de múltiplas etapas levando a modificações fenotípicas nas células epiteliais, aumento da proliferação e invasão dos tecidos subjacentes. Diversos fatores vem sendo associados à carcinogênese, dentre eles os mecanismos epigenéticos como a acetilação de histonas, que promovem mudanças na expressão de genes independente de mutações. O objetivo do presente estudo observacional transversal foi analisar a relação entre a...

  19. Mecanismos de proteção induzidos pela imunização com TgHSP70 e de controle da inflamação pelo tratamento com STAg na infecção por Toxoplasma gondii

    OpenAIRE

    Barenco, Paulo Victor Czarnewski

    2015-01-01

    Toxoplasma gondii é um parasita intracelular obrigatório que apresenta diversos antígenos capazes de modular a resposta imune. Neste trabalho, visamos estudar dois antígenos imunomoduladores através do pré-tratamento para fase aguda e de imunização para fase crônica da infecção. O primeiro objetivo foi estudar o papel do antígeno solúvel de taquizoítas (STAg) nas células epiteliais para controle da inflamação intestinal durante a infecção aguda por T. gondii. Foi demonstrado que o tratamento ...

  20. Estudos visando a sintese total da estavamicina, um inibidor do virus da herpes

    OpenAIRE

    Luciana Souza Alcantara Jardim

    2000-01-01

    Resumo: O vírus Epstein-Barr (EBV) é um vírus causador da herpes em seres humanos, infectando linfócitos e células epiteliais. Estima-se que este vírus infecta aproximadamente 90% da população mundial. Em 1995, Estavamicina, um novo produto natural da família dos pirrolocetoindanos foi isolado da cultura líquida de Streptomyces sp. Estavamicina mostrou atividade inibidora moderada contra a ligação do fator de transcrição EBV BZLF1 com o DNA com um valor de IC50 = 50 mM. Estavamicina possui um...

  1. Carcinoma basocelular perianal: relato de caso e revisão da literatura Perianal basal cell carcinoma: case report and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel C. Damin

    2007-09-01

    Full Text Available O Carcinoma basocelular (CBC é a mais freqüente das neoplasias epiteliais, localizando-se preferencialmente em áreas expostas ao sol. A ocorrência deste tumor na região perianal é extremamente rara. Neste artigo, relatamos um caso de CBC perianal. Apresentamos também uma revisão da literatura médica sobre o tema, salientando as características clínicas e histopatológicas, bem como o tratamento preconizado para esse tipo de tumor.Basal Cell Carcinoma (BCC is the most common skin cancer. It is preferentially found in sun-exposed areas and it is extremely rare at perianal region. In this article, we report a case of perianal BCC. In addition, we present a review of the medical literature on this subject, outlining clinical and histologic characteristics of this type of tumor as well as the choices of treatment.

  2. Citoqueratinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Jr. Hiram Larangeira de

    2004-01-01

    Full Text Available As citoqueratinas (CQ são constituintes do citoesqueleto das células epiteliais, pertencendo aos filamentos intermediários; sua distribuição é específica para cada subtipo de epitélio, permitindo que sejam utilizadas como importantes marcadores de sua diferenciação. Anticorpos monoclonais permitem sua localização nos tecidos e são utilizados no diagnóstico de tumores. Na última década inúmeras mutações foram descritas em seus genes, levando a alteração em sua estrutura molecular, esclarecendo várias enfermidades cutâneas, como epidermólise bolhosa simples (CQ 5 ou 14, hiperqueratose epidermolítica (CQ 1 ou 10, hiperqueratose palmoplantar epidermolítica (CQ 9 e paquioníquia congênita (CQ 6, 16 ou 17.

  3. Carcinoma inflamatório mamário canino.

    OpenAIRE

    Gomes, Cristiano; Voll, Juliana; Ferreira, Kelly; Ferreira, Rafael Rodrigues; Oliveira, Luciana Oliveira de; Contesini, Emerson Antônio; Oliveira, Rosemari Teresinha de

    2006-01-01

    O carcinoma inflamatório mamário é um carcinoma anaplásico com características clínicas e histopatológicas como crescimento rápido, envolvimento difuso, eritema, calor e dor nas mamas, edema nos membros posteriores, extensa infiltração de células inflamatórias, células epiteliais malignas nos linfonodos regionais apresentando um péssimo prognóstico. O cão é a única espécie animal em que esta neoplasia ocorre espontaneamente, entretanto apresenta uma incidência bastante rara tanto em humanos q...

  4. Características morfológicas da região epididimária do pombo doméstico (Columba livia, L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maíra Aparecida Stefanini

    1999-01-01

    Full Text Available A região epididimária do pombo doméstico compreende a parte principal da rede testicular, os dúctulos eferentes do testículo e o ducto epididimário. Os canais epiteliais da rede testicular são contínuos com o segmento extratesticular da rede, o qual, por sua vez, é seqüente com os dúctulos eferentes proximais e distais e, finalmente, o ducto epididimário se forma em continuidade aos eferentes distais. O epitélio de revestimento deste sistema tubular extratesticular é cúbico simples na rede testicular e pseudo-estratificado colunar nos outros ductos da região epididimária, com células ciliadas e não-ciliadas presentes principalmente nos dúctulos eferentes. As características ultra-estruturais das células epiteliais dos túbulos da região epididimária do pombo, com base comparativa, permitiram inferir que a reabsorção de fluido seminífero parece ser a função principal dessas células, embora outros papéis citofisiológicos foram também propostos, tais como: endocitose adsorptiva, ciliogênese, e possivelmente secreção apócrina nas células não-ciliadas escuras.

  5. Mecanismos específicos de patogenicidade de protozoários de mucosa: Entamoeba histolytica, Giardia lamblia e Trichomonas vaginalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia de Brum Vieira

    2012-04-01

    Full Text Available Entamoeba histolytica e Giardia lamblia são protozoários que podem parasitar a mucosa intestinal, causando principalmente diarreia. Trichomonas vaginalis coloniza a mucosa vaginal causando tricomonose, a doença sexualmente transmissível não viral mais comum no mundo. Embora coletivamente estes parasitos infectem mais de um bilhão de pessoas a cada ano, seus mecanismos de patogenicidade ainda não estão totalmente esclarecidos. Assim, esta revisão reúne os principais mecanismos envolvidos na patogenicidade destes protozoários, bem como os fatores do microambiente que podem interferir no sucesso da colonização. A patogênese da E. histolytica envolve adesão, lise, fagocitose de células epiteliais e bactérias, invasão tecidual por ação de enzimas e evasão da resposta imune do hospedeiro. A lectina Gal/GalNAc, os amebaporos e as cisteína proteases são as principais moléculas envolvidas nesses processos. O estabelecimento da giardiose depende de diversos mecanismos patogênicos e de virulência desenvolvidos pela G. lamblia, tais como as moléculas envolvidas na adesão, encistamento e variação antigênica. Para o sucesso da colonização da mucosa vaginal, o T. vaginalis expressa moléculas como as adesinas de superfície, lipofosfoglicanos e galectina, envolvidas na adesão às células epiteliais vaginais e alteração da expressão gênica, tanto do parasito como do hospedeiro.

  6. Active transcription and ultrastructural changes during Trypanosoma cruzi metacyclogenesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmila R.P. Ferreira

    2008-03-01

    Full Text Available The differentiation of proliferating epimastigote forms of Trypanosoma cruzi , the protozoan parasite that causes Chagas’ disease, into the infective and non-proliferating metacyclic forms can be reproduced in the laboratory by incubating the cells in a chemically-defined medium that mimics the urine of the insect vector. Epimastigotes have a spherical nucleus, a flagellum protruding from the middle of the protozoan cell, and a disk-shaped kinetoplast - an organelle that corresponds to the mitochondrial DNA. Metacyclic trypomastigotes have an elongated shape with the flagellum protruding from the posterior portion of the cell and associated with a spherical kinetoplast. Here we describe the morphological events of this transformation and characterize a novel intermediate stage by three-dimensional reconstruction of electron microscope serial sections. This new intermediate stage is characterized by a kinetoplast compressing an already elongated nucleus, indicating that metacyclogenesis involves active movements of the flagellar structure relative to the cell body. As transcription occurs more intensely in proliferating epimastigotes than in metacyclics, we also examined the presence of RNA polymerase II and measured transcriptional activity during the differentiation process. Both the presence of the enzyme and transcriptional activity remain unchanged during all steps of metacyclogenesis. RNA polymerase II levels and transcriptional activity only decrease after metacyclics are formed. We suggest that transcription is required during the epimastigote-to-metacyclic trypomastigote differentiation process, until the kinetoplast and flagellum reach the posterior position of the parasites in the infective form.A diferenciação de formas epimastigotas (proliferativas do Trypanosoma cruzi, parasita protozoário causador da doença de Chagas, em formas metacíclicas tripomastigotas (infectivas e não proliferativas, pode ser reproduzida em laborat

  7. Formas graves de retinopatia predizem aterosclerose subclínica em indivíduos com diabetes tipo 1 Severe forms of retinopathy predict the presence of subclinical atherosclerosis in type 1 diabetes subjects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando K. Almeida

    2011-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Em pacientes com diabetes tipo 2, a presença de retinopatia está associada a doença cardiovascular aumentada, independentemente dos fatores de risco conhecidos para a doença vascular. OBJETIVO: Investigar a associação da retinopatia diabética (RD e seus graus com a presença de aterosclerose coronariana subclínica em pacientes com diabetes tipo 1. MÉTODOS: Um estudo transversal foi conduzido com 150 pacientes com diabetes tipo 1, assintomáticos para doença arterial coronariana. Foram submetidos à avaliação clínica para verificar complicações microvasculares e avaliação para a presença de calcificação arterial coronariana (CAC. RESULTADOS: Formas graves de RD (RD grave não proliferativa - RDNP - e RD proliferativa - RDP foram associadas à CAC (RC: 3,98; IC de 95%; 1,13-13,9, p = 0,03, de maneira independente dos fatores de risco conhecidos para a doença cardiovascular (idade, A1C, hipertensão, dislipidemia e sexo masculino. CONCLUSÃO: Os pacientes com formas graves de RD estão em risco de presença de doença arterial coronariana, de maneira independente dos tradicionais fatores de risco cardiovascular.BACKGROUND: In patients with type 2 diabetes, the presence of retinopathy is associated with increased cardiovascular disease, regardless of known risk factors for vascular disease. OBJECTIVE: To investigate the association of diabetic retinopathy (DR and its grades with the presence of subclinical coronary atherosclerosis in patients with type 1 diabetes. METHODS: A cross-sectional study was conducted with 150 type 1 diabetes individuals asymptomatic for coronary artery disease. They underwent clinical evaluation for microvascular complications and for the presence of coronary artery calcification (CAC. RESULTS: Severe forms of DR (severe non-proliferative DR and proliferative DR were associated with CAC (OR: 3.98 95% CI 1.13-13.9, p = 0.03, regardless of known risk factors for cardiovascular disease (age, A

  8. POSIBLES FACTORES DE RIESGO DE LA RETINOPATIA DIABETICA EN COLOMBIA EN DIFERENTES ZONAS ETNOGEOGRAFICAS y ALTURAS SOBRE EL NIVEL DEL MAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Sánchez Medina

    1983-09-01

    Full Text Available

    SUMARIO

    1. Se estudió la retinopatía diabética en diabéticos tipo 1, insulinodependientes de ambos sexos y edades comprendidas entre los 20 y 40 años, para compararlos con la influencia que pueda tener la residencia de los pacientes en cuatro alturas diferentes: 2.600, 1.600, 1.200 y Ometros sobre el nivel del mar.

    2. Se estudiaron entre otros factores de riesgo como los de mayor importancia, el análisis de las multivariantes: retinopatía diabética, duración de la diabetes, proteinuria y hemoglobinas glicosiladas.

    3. Se estableció que las glicohemoglobinas se elevan gradualmente en los individuos no diabéticos estudiados como controles, a medida que sube la altura en su residencia, siendo las más elevadas las de los insulinodependientes que viven en la altura 2.600 m. sobre el nivel del mar.

    4. Es evidente que no hubo retinopatía proliferativa en ninguno de los grupos estudiados y que a distintas alturas del nivel del mar, tuvieron grados diferentes de retinopatía diabética no proliferativa de acuerdo con el sistema convenido para su graduación. Los pacientes que vivían en la altura estudiados en seguimiento junto con los que vivían a alturas inferiores
    a 2.600 m. tuvieron una graduación menor en la retinopatía y una evolución más demorada en el curso de la progresión del grado O al grado 4 y lo de uno a otro de cualquiera de ellos.

    S. Se planteó como hipótesis para control de posteriores estudios que la retinopatía diabética es desfavorablemente influenciada por la menor liberación de oxígeno en la altura a 2.600 m. hecho que posiblemente no favorece la oxigenación tisular y evita el deterioro de la circulación capilar, del endotelio del microvaso retiniano y por consiguiente de la primera manifestación de la retinopatía diabética, el microameurisma vascular.

  9. Análogos de la somatostatina en el tratamiento de la retinopatía diabética Somatostatin analogues in the treatment of diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juana Elvira Maciques Rodríguez

    2012-04-01

    Full Text Available La retinopatía diabética constituye un importante problema de salud por la discapacidad visual que provoca. El tratamiento de elección continúa siendo la fotocoagulación láser, pero en ocasiones hay formas avanzadas en que la respuesta es pobre y la evolución tórpida. Se continúan buscando otras alternativas de tratamiento que puedan mejorar la evolución, como son los esteroides y antiangiogénicos. Con el objetivo de reagrupar información actual sobre este grupo de medicamentos (análogos de la somatostatina, los cuales tienen efectos antiangiogénicos y han sido usados en el tratamiento de la retinopatía diabética proliferativa y el edema macular diabético, se realizó esta revisión. Los análogos de la somatostatina han mostrado ser eficaces, fundamentalmente, en el control de los fenómenos hemorrágicos y proliferativos en la retinopatía diabética proliferativa, y al mejorar también la integridad de la barrera hematoretiniana, ofrecen una alternativa de tratamiento para el edema macular diabético, fundamentalmente, cuando la respuesta al láser no resulta favorable.The diabetic retinopathy is an important health problem due to visual disability provoked. The choice treatment still remains the laser photocoagulation, but sometimes there is advanced ways in which the response is poor and the course is torpid. Other alternatives of treatment are look for to improve the course including the steroids and anti-angiogenic. The aim of present review was to regroup the current information on this group of drugs (somatostatin analogues, which has a anti-angiogenic effect and used in the treatment of proliferative diabetic retinopathy and the diabetic macular edema. The somatostatin analogues have shown to be effective, mainly in the control of hemorrhagic and proliferative phenomena and to also improve the integrity of the hematoretinal barrier, offer an alternative of treatment for diabetic macular edema, mainly when the response

  10. Fine structure of the retinal pigment epithelium and cones of Antarctic fish Notohenia coriiceps Richardson in light and dark-conditions Ultraestrutra do epitélio pigmentar da retina e dos cones do peixe Antártico Notothenia coriiceps Richardson submetido à luz e ao escuro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucélia Donatti

    2007-03-01

    Full Text Available The Antarctic fish Notothenia coriiceps Richardson, 1844 lives in an environment of daily and annual photic variation and retina cells have to adjust morphologically to environmental luminosity. After seven day dark or seven day light acclimation of two groups of fish, retinas were extracted and processed for light and transmission electron microscopy. In seven day dark adapted, retina pigment epithelium melanin granules were aggregated at the basal region of cells, and macrophages were seen adjacent to the apical microvilli, between the photoreceptors. In seven day light adapted epithelium, melanin granules were inside the apical microvilli of epithelial cells and macrophages were absent. The supranuclear region of cones adapted to seven day light had less electron dense cytoplasm, and an endoplasmic reticulum with broad tubules. The mitochondria in the internal segment of cones adapted to seven day light were larger, and less electron dense. The differences in the morphology of cones and pigment epithelial cells indicate that N. coriiceps has retinal structural adjustments presumably optimizing vision in different light conditions.O peixe Antártico Notothenia coriiceps Richardson, 1844 habita meios com variações fóticas diária e anual e as células da retina se adaptam morfologicamente a esta luminosidade ambiental. Dois grupos de peixes foram aclimatados durante sete dias à luz constante ou ao escuro constante. Após secção medular, as retinas foram extraídas e processadas para microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão. No epitélio pigmentar da retina adaptado sete dias ao escuro, os pigmentos de melanina agregam-se na base coroidal das células epiteliais pigmentares e macrófagos são encontrados no interior do processos apicais entre as células fotorreceptoras. No epitélio adaptado sete dias à luz os pigmentos de melanina se dispõem ao longo das projeções apicais das células epiteliais pigmentares e os

  11. Ceratopatia bolhosa: etiopatogênese e tratamento Bullous keratopathy: etiopathogenesis and treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Domingues Gonçalves

    2008-12-01

    Full Text Available A ceratopatia bolhosa caracteriza-se pelo edema corneano estromal acompanhado de bolhas epiteliais e subepiteliais devido à perda de células e/ou alterações da junção endotelial. Nos casos mais avançados, ocorre espessamento do estroma e presença de fibrose subepitelial e vascularização corneana. Apresenta baixa de acuidade visual devido à diminuição da transparência da córnea e pode estar acompanhada de sensação de corpo estranho, lacrimejamento e dor devido as alterações epiteliais como a presença de bolhas íntegras ou rotas. Ceratite bolhosa é uma das principais causas de transplante de córnea em diferentes regiões e países. A principal etiologia é a perda de células endoteliais, principalmente após cirurgia de catarata e na distrofia endotelial de Fuchs. Sabe-se que atualmente há cerca de 20 milhões de pessoas com catarata no mundo, e esta complicação pode afetar 1 a 2% das cirurgias de catarata. Este texto faz uma revisão sobre a etiopatogênese da ceratopatia bolhosa e sobre os tratamentos clínicos e cirúrgicos disponíveis para a doença.Bullous keratopathy is characterized by corneal stromal edema with epithelial or subepithelial bullae due to cell loss and endothelial decompensation. In more advanced cases, subepithelial fibrosis, formation of a posterior collagenous layer or retrocorneal fibrous membrane, and corneal vascularization can occur. Decreased vision is present because the loss of corneal transparency with symptoms like tearing and pain caused by epithelial bullae that can rupture. Currently, bullous keratopathy is the most common indication for penetrating keratoplasty and regraft. The main etiology is the endothelial cell loss after ophthalmic surgeries as cataract surgery. Cataract affects approximately 20 million people worldwide, and this complication can occur in 1 to 2% of cataract surgeries. This study revised bullous keratopathy etiopathogenesis, clinical and surgical treatment

  12. Hiperplasia epitelial focal (doença de Heck em descendente de índios brasileiros: relato de caso Focal epithelial hyperplasia (Heck's disease in Brazilian indian descent: report of a case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo de Andrade Santos

    2007-12-01

    Full Text Available A hiperplasia epitelial focal, ou doença de Heck, é uma enfermidade rara, benigna, que afeta a mucosa oral de crianças e adultos jovens de diversas regiões do mundo e em diferentes grupos étnicos, como indígenas e esquimós. Apresenta correlação com o papilomavírus humano (HPV no qual os tipos 13 e 32 têm sido consistentemente detectados nessas lesões. Este artigo relata um caso de uma paciente de 18 anos de idade, descendente de índios potiguares, que compareceu ao serviço de estomatologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN, exibindo lesões bem definidas, arredondadas, planas, localizadas em cavidade oral, com tempo de evolução de aproximadamente dois anos. As lesões foram submetidas a biópsias incisionais, constatado-se no exame histopatológico alterações epiteliais, como acantose, cristas epiteliais em forma de "taco de golfe" além de células mitosóides. Esses achados histopatológicos foram compatíveis com a hipótese clínica de hiperplasia epitelial focal (doença de Heck.The focal epithelial hyperplasia or Heck's disease is a benign rare pathology, that affects children and young adults oral mucosal in many world regions, and different ethnic groups, for example Indians and Eskimos. Presents correlation with the subtypes 13 and 32 of human papillomavirus (HPV. This article report a case of an 18-year-old patient, descent of potiguar indian, attended in stomatology service of Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN, presenting well defined lesions, round, plane, localized in oral cavity with an evolution of two years. The lesions were submitted to incisional biopsies, verifying in histopathologic exam, epithelial alterations, like acanthosis, epithelial projections in "parquet block of golf" beyond mitosoid cells. These histopathological findings were compatible with clinical hypothesis of focal epithelial hyperplasia (Heck's disease.

  13. Análise do líquido broncoalveolar de equinos portadores de doença inflamatória das vias aéreas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Barroso Lessa

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se caracterizar o perfil citológico broncoalveoar de equinos de policiamento portadores assintomáticos de Doença Inflamatória de Vias Aéreas (DIVA. Utilizaram-se 17 equinos adultos, machos e fêmeas, com idade entre 11 e 24 anos. Os animais que constituíram o grupo controle (oito apresentaram-se normais ao exame físico, à endoscopia e à mensuração da diferença máxima de pressão intrapleural. No lavado broncoalveolar a contagem deveria ser de até 4%, 0,7%, 3,3% para neutrófilos, eosinófilos e células epiteliais e entre 17,0 e 56,7%, 29 e 75,7%, 0,7 e 13,7% para linfócitos, macrófagos e mastócitos, respectivamente. O grupo considerado doente (nove animais apresentou achados compatíveis com afecções do trato respiratório posterior, pelo menos à endoscopia, além de uma contagem de neutrófilos maior que 5% e menor que 25%. O quadro assintomático de doença inflamatória das vias aéreas caracterizou-se por infiltrado neutrofílico, discreta redução no número de macrófagos, aumento no número de macrófagos espumosos, discreto infiltrado eosinofílico e aumento marcante no número de células epiteliais. Em face do caráter assintomático dessa enfermidade nos equinos de policiamento, a utilização do LBA como método de diagnóstico e acompanhamento é fundamental, pois permite reconhecer, tratar e determinar uma utilização mais racional desses animais, de modo a melhorar a qualidade de vida e prolongar a utilização dos mesmos em serviço.

  14. A frequência do HPV na mucosa oral normal de indivíduos sadios por meio da PCR The frequency of human papillomavirus findings in normal oral mucosa of healthy people by PCR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Esquenazi

    2010-02-01

    Full Text Available Os papilomavírus humanos (HPV são DNA vírus pertencentes à família papilomaviridae com grupos de baixo e alto risco que infectam a pele e a mucosa podendo induzir a formação de tumores epiteliais benignos e malignos. Na mucosa oral, estes vírus têm sido associados a papilomas orais, hiperplasias epiteliais focais, leucoplasias e neoplasias orais. OBJETIVO: Estudar a frequência do HPV em mucosa oral de indivíduos normais. MATERIAL E MÉTODO: Trabalho prospectivo em coorte transversal. Participaram desse estudo 100 indivíduos voluntários, faixa etária de 20 a 31 anos, estudantes universitários, sem história, queixas ou lesões visíveis ao exame físico de cavidade oral e orofaringe. Foram submetidos a questionário com perguntas referentes à epidemiologia da infecção pelo HPV. Foi colhido material de mucosa oral por raspado com escova e analisado pelo PCR. RESULTADOS: Os resultados mostraram ausência de HPV em todas as amostras. CONCLUSÃO: Parece ter havido participação do alto nível socioeconômico com alimentação rica em carotenoides e vitamina C, baixo consumo tabágico e etílico e comportamento heterossexual predominantemente monogâmico com uso regular de preservativos.The human papillomavirus (HPV is a DNA virus, which belongs to papillomaviridae family, being of low and high risk, which infect the skin and mucous membranes and can induce benign and malign tumor formation. In the oral mucosa they have been associated with oral papilloma, focal epithelial hyperplasia, leucoplakia and oral neoplasia. AIM: to study the frequency of HPV finding in oral mucosa of normal people. MATERIALS AND METHODS: Prospective study, cross-sectional cohort. One hundred volunteers, young adults, healthy, aged between 20 and 31 years, university students with no history, no complains, without oral or oropharyngeal lesions. They were submitted to a questionnaire with questions regarding HPV infection epidemiology. The samples were

  15. Expressão dos filamentos intermediários no diagnóstico dos tumores mamários de cadelas Expression of intermediate filaments in canine mammary tumors diagnosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.A.P.C. Zuccari

    2002-12-01

    Full Text Available Foram utilizados anticorpos monoclonais para marcação imunoistoquímica dos tecidos tumorais e obtenção de informações sobre a histogênese dos tumores mamários utilizando-se anti-citoqueratinas para marcação de células epiteliais, e anti-actina e anti-vimentina para células mioepiteliais. O procedimento imunoistoquímico mostrou-se esclarecedor com relação à histogênese dos tumores mamários, confirmando a marcação de células epiteliais com as citoqueratinas que perdem sua expressão na transformação celular maligna. A alfa-actina e a vimentina mostraram-se eficientes na marcação de células mioepiteliais. A alfa-actina diminuiu a marcação na metaplasia óssea ou cartilaginosa contrariamente à vimentina cuja marcação foi aumentada. Os resultados permitem melhor entendimento da classificação dos tumores mamários de cadelas com a utilização de anticorpos monoclonais como marcadores do citoesqueleto, que se mostraram eficientes nessa caracterização.Immunohistochemical evaluation was performed to study the histogenesis of canine mammary tumors and to contribute to a better understanding of their classification. Monoclonal antibodies specific for different types of intermediate filaments (cytokeratins, vimentin, alpha-actin were used. Epithelial cells stained positively for cytokeratins and their expression was lost as the malignant transformation occurs. Myoepithelial cells stained positively for vimentin and alpha-actin. In contrast to vimentin, alpha-actin lost the expression as the cartilaginous or osseous metaplasia occurs. Immunohistochemical evaluation with monoclonal antibodies proved to be efficient for identification of tumor histogenesis. alpha-actin were used. Epithelial cells stained positively for cytokeratins and their expression was lost as the malignant transformation occurs. Myoepithelial cells stained positively for vimentin and alpha-actin. In contrast to vimentin, alpha-actin lost the expression

  16. Investigação epidemiológica de Estomatite vesicular por achados clínicos em bovinos e equinos no Estado do Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto C.N. de Arruda

    2015-05-01

    Full Text Available Resumo:A Estomatite Vesicular (EV é uma doença infecciosa que acomete equinos, bovinos, suínos, mamíferos silvestres e humanos. Por apresentar sinais clínicos semelhantes a outras doenças vesiculares, principalmente, febre aftosa, sua presença em determinadas regiões pode interferir no intercâmbio comercial internacional dos animais, seus produtos e subprodutos. Apesar de sua importância, a epidemiologia e a manutenção do vírus no ambiente não estão totalmente esclarecidas dificultando a aplicação de medidas de controle efetivas. A doença já foi diagnosticada em todas as regiões brasileiras. Bovinos com sialorréia, perda do epitélio lingual, lesões abertas com bordas amareladas nas gengivas, lábios, língua e mucosa oral e equinos com sialorréia e lesões abertas na mucosa oral e lábios foram observados e notificados ao Serviço Veterinário Oficial do Estado do Maranhão, Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGRD/MA. Amostras de soro de equinos e bovinos com sintomas de EV foram coletadas para investigação por ELISA e por neutralização viral, além do diagnóstico diferencial para Febre Aftosa (FA. Fragmentos epiteliais de bovinos com lesões na língua foram coletados para identificação molecular do agente. Todos os animais foram negativos para FA. Todos os bovinos e equinos foram reativos para EV nos testes sorológicos. A partir dos fragmentos epiteliais de bovinos enviados ao Instituto Biológico de São Paulo para PCR, foi possível caracterizar o agente como VesiculovirusIndiana III (Alagoas/VSAV.

  17. Associação à positividade da Lawsonia intracellularis com a expressão clínico-patológica da infecção em suínos da região metropolitana de Bucaramanga (Santander, Colômbia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.P. Jiménez

    Full Text Available RESUMO Porções de íleo terminal foram coletados de 100 suínos com sinais de doença gastrointestinal na área metropolitana de Bucaramanga, a fim de se estudar a eficiência do diagnóstico de enteropatia proliferativa suína (PPE pela técnica de PCR aninha (PCRa empregando sequências específicas (primers para L. intracellularis: 16S ARN região (270pb e sua correlação com achados clínicos e patológicos. Todas as amostras foram processadas para se determinar a associação entre positividade por PCR, os sinais clínicos, os achados de necropsia e as lesões histológicas. Cinquenta e seis por cento das amostras foram positivas para L. intracellularis pela PCRa. Só 2% exibiram resultados positivos pela técnica Warthin-Starry. Trinta e um de 100 animais com sinais de anorexia resultaram positivos para PCRa (P>0,05. Não houve associação (P<0,05 entre diarreia e queda no crescimento, bem como associação (P<0,05 entre achados anatomopatológicos e histológicos com PCRa positivas.

  18. Paniculite fibrogranulomatosa focal em bovino de Minas Gerais Focal fibrogranulomatous paniculitis in a cow from the state of Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Suzan Varaschin

    1998-03-01

    Full Text Available Um caso de "lechiguana" bovina, é relatado em bovino proveniente de Fama, MG, que apresentou aumento de volume de aproximadamente 30x8cm, de consistência firme e com superfície ulcerada, localizado no lado esquerdo da região toracolombar. As lesões microscópicas caracterizaram-se por paniculite piogranulomatosa proliferativa, com linfangite e microabscessos eosinofilicos. Em alguns abscessos havia rosetas (Splendore-HoeppIi associadas a bactérias Gram-negativas. Após a biópsia o animal foi tratado com 3g diárias de cloranfenicol, por 5 dias. Houve total recuperação dentro de 30 dias.A case of a disease known as bovine "lechiguana"' in a cow fron Fama, Minas Gerais is described. The cow presented a 30x8 cm hard swelling covered by ulcerated skin and located at the left side of the dorsum. Histologically there was proliferative piogranulomatous paniculitis with lymphamgitis and eosinophilic microabscesses. In some of the abscessos there were rosettes (Splendore-HoeppIi associated with Gram-negative bacteria. After a biopsy was performed the animal was treated with 3g/day cloranphenicol for 5 days with complete recovery within 30 days.

  19. Prevalencia y factores de riesgo de las lesiones de la mucosa oral en la población urbana del Uruguay

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Casnati

    Full Text Available Objetivo: El objetivo de este estudio fue determinar la prevalencia de las lesiones de la mucosa bucal e identificar los factores de riesgo en el desarrollo de las mismas en una muestra representativa de la población adulta urbana del Uruguay. Metodología: Se trata de un estudio transversal que registró 922 personas (537 F/385M, edades de 15-24, 35-44 y 65-74 años basado en un diseño muestral estratificado por conglomerado polietápico. A partir de los datos de la muestra se estimaron las prevalencias de cada entidad así como los intervalos de confianza al 95%. Resultados: La candidosis y las lesiones proliferativas se observaron en 26% y en 17% de las personas y se presentaron significativamente asociadas al género femenino. La prevalencia de la leucoplasia fue del 7% y en el análisis multivariado presentó una asociación significativa con el consumo de mate. Conclusiones: Las lesiones orales se presentan de manera prevalente en los adultos mayores en el Uruguay, lo que sugiere que se deberían implementar programas de prevención, diagnóstico y tratamiento adecuado de las mismas

  20. Pé Diabético – Vasculopatia Periférica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arthur Boschi

    2011-01-01

    Full Text Available Paciente de 71 anos com diagnóstico de diabete melito tipo 2 desde os 63 anos, hipertenso, ex-tabagista e portador de doença arterial periférica, realizou cirurgia de revascularização fêmoro-poplítea em membro inferior direito aos 41 anos. Portador de nefropatia diabética clínica e retinopatia diabética proliferativa avançada. Apresentou lesão necrótica, sem secreção purulenta, em pequena área do primeiro pododáctilo do pé direito, a qual evoluiu lentamente de tamanho até envolver completamente o pododáctilo, sem relação com lesão traumática local (Figura. Durante a investigação evidenciou-se estenose de 50% do enxerto vascular do paciente, com pulsos pedioso e tibial posterior impalpáveis. Foi realizada amputação supracondiliana do membro inferior direito.

  1. Ceratose liquenóide em um cão Lichenoid keratosis in a dog

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Mello de Souza

    2009-06-01

    Full Text Available A ceratose liquenóide é uma rara dermatopatia proliferativa descrita em humanos e cães. Nos cães, a doença caracteriza-se pelo aparecimento de placas hiperceratóticas bem circunscritas nas pinas e, menos freqüentemente, nas virilhas. Este artigo descreve um caso de ceratose liquenóide em um cão macho, Dobermann, de seis anos de idade, com lesões verrucosas e multifocais na face interna das orelhas e lesões alopécicas, hiperpigmentadas, levemente elevadas e descamativas nas axilas e virilhas, ambas com evolução de aproximadamente três meses. O diagnóstico foi realizado com base na associação entre os achados clínicos e histopatológicos.Lichenoid keratosis is a rare proliferative dermatopathy reported in human beings and dogs. In dogs the disease is characterized by well circumscribed hyperkeratotic plaques distributed in the skin of pinnae and, less frequently, in the inguinal region. This report describes a case of lichenoid keratosis in a six-year-old male Dobermann dog which had multifocal verrucous lesions in the internal aspect of the pinnae and slightly scaly, overpigmented alopecic lesions in the axillae and inguinal region; both lesions had a clinical course of approximately three months. The diagnosis was based on the association of the clinical and histopathological findings.

  2. Schistosomal glomerular disease (a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zilton A. Andrade

    1984-12-01

    Full Text Available In this review paper schistosomal glomerulopathy is defined as an immune-complex disease. The disease appears in 12-15 per cent of the individuals with hepatosplenic schistosomiasis. Portal hypertension with collateral circulation helps the by pass of the hepatic clearance process and the parasite antigens can bind to antibodies in the circulation and be trapped in the renal glomerulus. Chronic membranousproliferative glomerulonephritis is the most commom lesion present and the nephrotic syndrome is the usual form of clinical presentation. The disease can be experimentally produced, and schistosomal antigens and antibodies, as well as complement, can be demonstrated in the glomerular lesions. Specific treatment of schistosomiasis does not seem to alter the clinical course of schistosomal nephropathy.A glomerulopatia esquistossomotica e um exemplo de doenca causada por complexos imunes. Ela se manifesta em 12 a 15% dos portadores de forma hepato-eplenica da esquistossomose. A hipertensao porta, com circulacao colateral, facilita a ultrapassagem do filtro hepatico e os antigenos esquistossomoticos podem se acoplar aos anticorpos na circulacao e vir a se depositar nos glomerulos. O tipo histologico mais frequente e a glomerulonefrite cronica membrano-proliferativa, geralmente com sindrome nefrotica. A doenca e passivel de reproducao experimental e os antigenos esquistossomoticos, os anticorpos e fracoes do complemento podem ser demonstrados nas lesoes glomerulares. O tratamento especifico da esquistossomose nao mostrou ate o momento a capacidade de alterar o curso da nefropatia.

  3. El efecto de la panfotocoagulación con láser en edema macular diabético con el fotocoagulador Pascal® versus el láser de argón convencional.

    Science.gov (United States)

    Mahgoub, Mohamed M; Macky, Tamer A

    2017-07-11

    Objetivo: El objetivo de este estudio fue comparar el efecto de la panfotocoagulación (PFC) en el edema macular diabético (EMD) en pacientes con retinopatía diabética proliferativa (RDP) con el fotocoagulador Pascal® (FP) vs. un fotocoagulador con láser de argón convencional (FLAC). Métodos: Se aleatorizó el uso de FP o FLAC en ochenta ojos con RDP y EMD con afectación central de la mácula. Ambos grupos tuvieron una evaluación de base de mejor agudeza visual corregida y fueron examinados con tomografía de coherencia óptica y angiografía con fluoresceína. Resultados: El número medio de disparos de láser en los grupos de FP y FLAC fue 1.726,10 y 752,00 en la sesión 1 y 1.589,00 y 830,00 (p 0,05). La MAVC media fue similar durante el periodo de estudio y no hubo ninguna diferencia significativa entre los grupos (p > 0,05). Conclusiones: El FP y el FLAC mostraron efectos similares en el EMD en ojos con RDP y fueron igualmente seguros sin un aumento significativo del GFC. © 2017 S. Karger AG, Basel.

  4. Sclerosing thymoma: case report Timoma esclerosante: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gesine Gregorio Siqueira

    2012-08-01

    Full Text Available We present a rare case of thymoma in a 36-year old woman, who was initially diagnosed with severe myasthenia gravis and subsequently undergone surgical resection. During surgery tumor was found at the anterior mediastinum, tightly attached to the phrenic nerve, pleura and pericardium. Histological assessment showed large areas of sclerosis and fibrous collagenous tissue as well as islands of epithelial and lymphoid cells. Sclerosing thymoma, which is a rare subtype of thymoma (Relatamos um caso raro de timoma em uma mulher de 36 anos de idade, com clínica e diagnóstico de miastenia gravis de difícil controle clínico, submetida à ressecção cirúrgica. No intraoperatório, observou-se tumor no mediastino anterior, firmemente aderido ao nervo frênico, à pleura e ao pericárdio. Ao exame histológico, foram evidenciadas extensas áreas de tecido fibrocolagenoso e esclerose, assim como ilhas de células epiteliais e células linfoides. Diagnosticado timoma esclerosante, subtipo raro de timoma (< 1%, sendo este o primeiro caso relatado no Brasil. A paciente apresentou melhora parcial dos sintomas associados à miastenia gravis.

  5. Processo inflamatório crônico granulomatoso experimental em peixes: um estudo morfológico, ultraestrutural e imunohistoquímico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Reiko Matushima

    2006-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar o processo inflamatório crônico granulomatoso induzido experimentalmente em Oreochromis niloticus através da inoculação de BCG e elucidar aspectos da reação inflamatória em peixes para uma melhor compreensão da filogenia do processo. Os resultados obtidos por microscopia de luz comum e ultra-estrutural demonstraram a participação de macrófagos, trombócitos, linfócitos, eosinófilos, células plasmáticas e células gigante tipo corpo estranho no processo inflamatório. Além desses tipos celulares, uma reação granulomatosa constituída predominantemente de células epitelióides também foram observadas ultraestruturalmente. Essas células epitelióides desenvolveram desmossomos ao longo do experimento, e também passaram a expressar receptores para citoqueratina, características estas de células epiteliais. Células pigmentares (melanomacrófagos, envolvendo de maneira crescente toda a formação granulomatóide e, participando ativamente da reação inflamatória crônica granulomatosa.

  6. Canine hypertrophic osteopathy associated with extra-thoracic lesions Osteopatia hipertrófica canina associada com lesões extratorácicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Selwyn Arlington Headley

    2005-08-01

    Full Text Available Canine hypertrophic osteopathy is described in a dog that presented extra-thoracic lesions, mainly in the liver. Hepatic lesions were characterized by necrosis, hemorrhage, severe hydropic degeneration of centrolobular hepatocytes, proliferation of epithelial cells of bile ducts, and mild biliary stasis. The disease syndrome was diagnosed based on clinical signs, radiological evaluation, and inspection of macerated bones.Osteopatia hipertrófica canina é descrita em um cão que apresentou lesões extratorácicas, principalmente no fígado. As alterações hepáticas foram caracterizadas por necrose, hemorragia, degeneração hepatocelular severa, proliferação das células epiteliais dos ductos biliares e estase biliar. O diagnóstico desta síndrome foi baseado nos sinais clínicos, a avaliação radiológica e a inspeção dos ossos macerados.

  7. Tenon's capsule granuloma at the donor site after conjunctival grafting: short report Granuloma da cápsula de Tenon em área doadora de retalho conjuntival: relato curto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Ioschpe Gus

    2003-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To describe a rare complication at the donor site of conjunctival transplantation. METHODS: The authors report the clinical, surgical, postoperative and histologic aspects of a Tenon's granuloma that followed an uneventful pterygium excision with conjunctival transplantation. RESULTS: Histology identified an hemangiomatous-like structure with some areas of foreign body granuloma overlying necrotic epithelial cels, easily excised surgically. CONCLUSIONS: Pyogenic granuloma is an inadequate term to describe an inflammatory nonsuppurative reaction that may follow uneventful conjunctival surgery in susceptible individuals.OBJETIVO: Descrever complicação rara em área doadora de retalho conjuntival. MÉTODOS: Os autores descrevem os aspectos clínico, cirúrgico, pós-operatório e histológico de granuloma da cápsula de Tenon em área doadora de conjuntiva que seguiu cirurgia não complicada de excisão de pterígio com transplante conjuntival. RESULTADOS: O exame histológico evidenciou estrutura tipo hemangiomatosa com áreas de granuloma de corpo estranho envolvendo células epiteliais necróticas. CONCLUSÃO: Granuloma piogênico é nomenclatura inadequada para descrever reação inflamatória não supurativa de fácil excisão cirúrgica que pode seguir a retirada de conjuntiva em pacientes suscetíveis.

  8. Ocorre alta incidência de células da pele na primeira e terceira gotas do líquido cefalospinal em raquianestesia Ocurre una alta incidencia de células de la piel en la primera y tercera gotas del líquido cefaloespinal en la raquianestesia There is high incidence of skin cells in the first and third drops of cerebrospinal fluid in spinal anesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Humberto Curado Taveira

    2013-04-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Fragmentos de pele durante punções subaracnóideas podem desenvolver tumores epidermoides intraespinais. O objetivo deste estudo foi verificar a incidência de células epiteliais que refluem junto com a primeira e terceira gotas de líquor de pacientes submetido a raquianestesia. MÉTODO: Foram obtidas amostras da primeira e terceira gotas de líquor em 39 pacientes adultos submetidos à raquianestesia com agulha 25G Quincke, sendo confeccionadas quatro lâminas: da primeira gota, da terceira gota, da agulha e uma quarta lâmina controle com uma gota de soro fisiológico. As lâminas foram examinadas de forma randomizada pelo patologista. RESULTADOS: Foram identificadas células epiteliais escamosas em 35 (89,7% das amostras da primeira gota, em 34 (87,2% da terceira gota e em 24 (61,5% das agulhas espinais. A terceira gota apresentou em média maior número de células que a primeira gota (p = 0,046. Células epiteliais nucleadas foram encontradas em uma (2,56% das amostras da primeira gota, em quatro (10,25% da terceira gota e em uma (2,56% das agulhas espinais. A terceira gota apresentou em média maior número de células nucleadas que a primeira gota sem diferença estatística (p = 0,257. CONCLUSÕES: Encontramos uma alta porcentagem de células epiteliais que refluem na primeira (89,7% e na terceira (87,2% gotas do líquor e nas agulhas utilizadas (61,5%. Mesmo utilizando agulhas de pequeno calibre, descartáveis e com mandril bem adaptado, foram encontradas células da pele.JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Algunos fragmentos de piel durante las punciones subaracnoideas pueden desarrollar tumores epidermoides intraespinales. El objetivo de este estudio fue verificar la incidencia de células epiteliales que refluyen junto con la primera y tercera gotas de líquido cefalorraquídeo de los pacientes sometidos a la raquianestesia. MÉTODO: Se obtuvieron muestras de la primera y tercera gotas de líquido cefalorraqu

  9. Choroid plexus carcinoma in a cow Carcinoma de plexo coróide em um bovino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano José Ferreira de Sant'Ana

    2009-10-01

    Full Text Available A red, firm 3.5x3.0x3.0cm mass was found within the right lateral ventricle, compressing the hippocampus and thalamus of the brain of a 4-year-old cow. The pituitary was enlarged and firm. Histologically, both the brain and pituitary masses consisted of moderately pleomorphic epithelial cells arranged as rosettes or sheets supported by a delicate fibrovascular stroma. Based on anatomical localization, histopathological and immunohistochemical findings, a diagnosis of choroid plexus carcinoma with pituitary metastasis was made.Um massa vermelha e firme de 3,5x3,0x3,0cm foi observada no ventrículo lateral, comprimindo o hipocampo e tálamo do cérebro de uma vaca de quatro anos de idade. A pituitária estava aumentada de volume e firme. Histologicamente, tanto a massa do cérebro, quanto da pituitária, consistiam de células epiteliais moderadamente pleomórficas, arranjadas em rosetas ou cordões e apoiadas em um delicado estroma fibrovascular. Com base na localização anatômica e nos achados histopatológicos e imuno-histoquímicos, foi realizado um diagnóstico de carcinoma de plexo coróide com metástase para a pituitária.

  10. Carambola como causa de lesão renal aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karilla Lany Scaranello

    2014-04-01

    Full Text Available A carambola pertence à família das Oxalidáceas, espécie Averrhoa carambola. É rica em sais minerais, vitaminas A, C, complexo B e ácido oxálico. Estudos recentes demonstram que a toxicidade da fruta difere entre os indivíduos e pode ser explicada pelas respostas biológicas individuais como idade, quantidade da ingestão, neurotoxinas em cada tipo de fruta. Adicionalmente, a nefrotoxicidade causada pela fruta é dose dependente, podendo levar ao desenvolvimento de lesão renal aguda pela deposição de cristais de oxalato de cálcio intratubular, assim como por lesão direta das células epiteliais tubulares, levando à apoptose das mesmas. Relatamos o caso de uma paciente que, após a ingestão do suco da fruta e fruta in natura, desenvolveu lesão renal aguda, necessitando de terapia dialítica, evoluindo com desfecho favorável e recuperação da função renal.

  11. Angioceratoma conjuntival canino: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.O.T. Souza

    Full Text Available RESUMO O angioceratoma é um tumor de origem vascular, semelhante ao hemangioma, que se diferencia deste por alterações histológicas epiteliais. A apresentação ocular do angioceratoma é pouco frequente em cães, sendo mais comum a ocorrência de hemangioma e hemangiossarcoma. Neste relato, é descrito o caso de um cão, macho, da raça Border Collie, que apresentava uma massa localizada, hiperêmica, bem vascularizada e protrusa, na região temporal da conjuntiva bulbar do olho direito (OD. Foi realizado exame oftalmológico completo e ultrassonografia ocular, tendo sido possível observar que a massa não envolvia outras estruturas oculares além da conjuntiva. Dessa forma, foi realizada a conjuntivectomia parcial, e o material foi encaminhado para análise histológica. O exame histopatológico foi conclusivo para um angioceratoma e mostrou que as margens da amostra estavam livres. O procedimento cirúrgico com margem de segurança foi eficiente no tratamento da neoplasia, sem recorrência até o momento do presente relato.

  12. Potencial cicatricial da Bixa orellana L. em feridas cutâneas: estudo em modelo experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Capella

    2016-02-01

    Full Text Available O uso de fitoterápicos é uma alternativa de baixo custo e de fácil acesso para o tratamento de feridas cutâneas. Objetivou-se avaliar a ação do extrato oleoso de urucum na cicatrização de feridas cutâneas abertas. Inicialmente, identificaram-se os principais ácidos graxos do óleo de urucum. Foi realizado ensaio citotóxico para determinar as concentrações a serem utilizadas no ensaio in vivo. No experimento, feridas cutâneas em ratos Wistar foram diariamente tratadas com: extrato de urucum 0,1% (U 0,1%, extrato de urucum 0,01% (U 0,01%, vaselina (V e solução fisiológica (SF, por até 21 dias. Aos quatro, sete, 14 e 21 dias, foi avaliada clinicamente a presença de exsudato, crosta e epitelização. Determinaram-se as áreas da lesão, e amostras de pele, fígado e rins foram coletadas para avalição histológica. Aos 21dias, amostras de pele foram coletadas para análise tensiométrica. Clinicamente, todos os grupos de tratamento apresentaram evolução cicatricial fisiológica. Os grupos U 0,1% e U 0,01% apresentaram maior presença de epitelização aos sete dias e maior retração cicatricial aos quatro dias. Na histologia, U 0,1% e U 0,01% apresentaram aos quatro e sete dias maior quantidade de fibrina e inflamação que V e SF, e, nos demais momentos, não houve diferenças entre os grupos. Quanto à fase cicatricial, aos quatro dias todos os grupos encontravam-se na fase inflamatória, aos sete dias U 0,1% e U 0,01% permaneciam na fase inflamatória, diferindo de SF e V, que se caracterizavam na fase proliferativa. Aos 14 dias, os grupos apresentavam-se em transição de fase proliferativa para maturação e, aos 21dias, estavam todos na fase de maturação. Os grupos tratados com urucum expressaram menor resistência à tensão que V e SF. Concluiu-se com este estudo que o extrato oleoso de urucum acelera o processo cicatricial nos primeiros dias, mas proporciona uma cicatriz de baixa qualidade.

  13. ANATOMIC-PATHOLOGICAL STUDY OF DIGITAL DERMATITIS WOUNDS IN CATTLE ESTUDO ANATOMOPATOLÓGICO DE LESÕES DE DERMATITE DIGITAL EM BOVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila França de Paula Orlando

    2008-12-01

    Full Text Available This essay had the scope of characterizing anatomic-pathological aspects of digital dermatitis wounds in distinct development phases. The essay was carried out from August 2004 and November 2005, using 40 cows distributed in four groups of ten animals each. Group I (GI consisted of clinically healthy animals, and groups II (GII, III (GIII and IV (GIV, consisted of animals bearing wounds in initial, erosive and proliferative phases, respectively. In GII histological observations were corneal stratus’ thickening, necrosis, hiperplasia, acanthosis, espongiosis and hyperqueratosis. In GIII it was observed hyperemia, ulcers, granulation tissue, hemorrhage and, microscopically, corneal layer thickening, paraqueratosis and multifocal necrosis. In GIV lesions of verrucous aspect, presence of fur, papillary projections were observed macroscopically, and, at histological examination, destruction of corneal layer and epidermis along with necrosis in all samples from the group.  Concerning the microbiota, fungi were not observed in any group. As for bacteria, mixed flora was observed, especially spirochetes, in GII, GIII e GIV. Finally, it was concluded that histological alterations in distinct phases of digital dermatitis may commonly be present, differing in terms of severity. The presence of spiral microorganisms suggests their association with etiopathogenesis.

    KEY WORDS: Cattle, digital lesions erosives and proliferatives, histopathology. Este trabalho objetivou caracterizar os aspectos anatomopatológicos das lesões de dermatite digital em diferentes fases evolutivas. O estudo ocorreu entre agosto de 2004 e novembro de 2005, utilizando-se quarenta vacas alocadas em quatro grupos, contendo dez animais cada. O grupo I (GI foi composto por animais clinicamente saudáveis e os grupos II (GII, III (GIII e IV (GIV, com lesões na fase inicial, erosiva e proliferativa, respectivamente. No GII, à histologia observaram-se espessamento do

  14. Relationship between diabetic retinopathy severity and the timespan between the endocrinopathy diagnosis and the first ophthalmic examination Relação entre a gravidade da retinopatia diabética e o tempo decorrido entre o diagnóstico da endocrinopatia e o primeiro exame oftalmológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rony Carlos Preti

    2010-06-01

    , 46,66% relataram mal controle do DM. Quando examinados em até 5 anos de diagnóstico de DM, 36 (34,30%, pacientes, 58,33% não apresentaram sinais ou demonstravam sinais de RD grau leve e 22,20% RD proliferativa. Trinta pacientes receberam exame oftalmológico superior a 11 anos do diagnóstico de DM, 21,62% não apresentavam sinais de RD e 59,46% classificados com RD proliferativa. Conclusão: Este estudo demonstrou significância estatística na relação entre o intervalo de tempo do diagnóstico do DM tipo 2 e o primeiro exame de fundo de olho com a gravidade de RD.

  15. Lupic nephropathy: a case control study in Medellín, Colombia Nefropatía lúpica: estudio de 156 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Zambrano

    1989-03-01

    rangos nefróticos; en 19 (6.4% hubo insuficiencia renal aguda y en 15 (5.0% insuficiencia renal crónica. Desde el punto de vista histológico se estudiaron 79 biopsias renales; de ellas 7 (8.g% fueron clasificadas como glomerulonefritls (GN mesangial; 17 (21.5% como GN proliferativa focal; 38 (48.1% como GN proliferativa difusa y 9 (11.4% como GN membranosa. La frecuencia de las siguientes manifestaciones fue significativamente mayor en pacientes con nefropatía: livedo reticularis, vasculitis, úlceras orales, tromboflebitis, psicosis, cefalea y depresión.

  16. Sensibilidade ao contraste na retinopatia diabética tratada por panfotocoagulação com laser de argônio Contrast sensitivity in diabetic retinopathy treated with argon laser panphotocoagulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otacílio de Oliveira Maia Júnior

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a sensibilidade ao contraste na retinopatia diabética (RD tratada por panfotocoagulação com laser de argônio. MÉTODOS: Estudo prospectivo de portadores de retinopatia diabética e acuidade visual de 20/20, tratados com panfotocoagulação retiniana, conforme critérios do ETDRS. Os pacientes foram submetidos, inicialmente, a exame oftalmológico completo e teste de sensibilidade ao contraste (Vision Contrast Test System. Após 3 meses do tratamento, foram reavaliados por meio da acuidade visual e sensibilidade ao contraste. RESULTADOS: A amostra foi composta por 28 pacientes (28 olhos, todos portadores de diabetes tipo 2. A idade variou entre 45 a 77 anos (média de 57,8 ± 8,0, sendo 19 pacientes (67,9% do sexo masculino e 9 (32,1% do feminino. Quanto ao tipo de retinopatia, 18 (64,3% apresentavam RD proliferativa e 10 (35,7%, RD não proliferativa muito grave. Não foi observada nenhuma alteração na acuidade visual pós-tratamento. Quanto à sensibilidade ao contraste, não houve alteração entre o pré e pós-tratamento em todas freqüências espaciais avaliadas: 1,5 (p=0,191; 3,0 (p=0,850; 6,0 (p=0,374; 12,0 (p=0,674 e 18,0 (p=0,443. CONCLUSÃO: Não foi evidenciada alteração significante na sensibilidade ao contraste de portadores de retinopatia diabética após panfotocoagulação com laser de argônio no período estudado.PURPOSE: To evaluate contrast sensitivity in patients with diabetic retinopathy (DR treated with argon laser panphotocoagulation. METHODS: Prospective study of patients with diabetic retinopathy and 20/20 visual acuity, treated with retinal panphotocoagulation, following ETDRS criteria. The patients were submitted, initially, to complete ophthalmologic evaluation and contrast sensitivity testing (Vision Contrast Test System. After 3 months of treatment, they were reevaluated by means of visual acuity and contrast sensitivity. RESULTS: The sample comprised 28 patients (28 eyes, all with type II

  17. Avaliação da camada de fibras nervosas na retinopatia diabética tratada por panfotocoagulação com laser de argônio Examination of the retinal nerve fiber layer in diabetic retinopathy treated by argon laser panphotocoagulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otacílio de Oliveira Maia Júnior

    2008-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar alterações na camada de fibras nervosas da retina na retinopatia diabética tratada por panfotocoagulação com laser de argônio. MÉTODOS: Estudo prospectivo de portadores de retinopatia diabética submetidos a panfotocoagulação retiniana. Inicialmente, foram realizados exame oftalmológico completo e tomografia de coerência óptica. Todos pacientes foram submetidos a panfotocoagulação em um dos olhos. A camada de fibras nervosas foi avaliada por meio da tomografia de coerência óptica na 1ª semana, no primeiro, terceiro e sexto meses do tratamento. RESULTADOS: A amostra foi composta por 27 pacientes (27 olhos portadores de diabetes mellitus tipo 2. A idade variou entre 41 e 64 anos (média de 53,7 ± 6,2 anos, sendo 10 (37% pacientes do sexo masculino e 17 (63% do feminino. Quanto ao tipo de retinopatia, 22,2% apresentavam RD proliferativa e 77,8%, RD não proliferativa muito grave. Houve aumento significante nas medidas da espessura da camada de fibras nervosas, permanecendo nos setores temporal, 3 e 4 horas após seis meses de seguimento. Não foi observada qualquer redução na espessura em todos parâmetros analisados. CONCLUSÃO: Não foi evidenciada, a curto e médio prazo, redução na espessura da camada de fibras nervosas em portadores de retinopatia diabética tratada por panfotocoagulação que possa ser identificável por meio da tomografia de coerência óptica. Por outro lado, alguns setores mostraram aumento na espessura durante o seguimento.PURPOSE: To evaluate the alterations in the retinal nerve fiber layer in diabetic retinopathy treated by argon laser panphotocoagulation. METHODS: Prospective study of patients with diabetic retinopathy submitted to retinal panphotocoagulation. Initially, complete ophthalmologic examination and optical coherence tomography were performed. All patients were submitted to panphotocoagulation with argon laser in one of the eyes. The retinal fiber layer was evaluated

  18. Acción del factor de crecimiento epidérmico sobre el desarrollo de las células estriatales cultivadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lázara Castillo

    1996-06-01

    Full Text Available En este trabajo se describe la acción del factor de crecimiento epidérmico (FCE sobre las células del estriado embrionario en un sistema de cultivo disociado de neuronas y glías. El cultivo de células se preparó a partir de embriones de ratas de 16-17 días. En el sistema de cultivo empleado, la población celular fue cultivada durante 20-24 horas en un medio que contenía suero y, posteriormente, fue tratada con 20 ng/mL del FCE en un medio libre de suero. La eliminación del suero en este período inicial de desarrollo provocó una disminución apreciable de las células vivas en los cultivos tratados y en los controles. Al parecer, la población de células sobrevivientes estaba integrada, en su mayoría, por precursores celulares teniendo en cuenta su capacidad proliferativa. La acción del FCE sobre las células se manifestó en un aumento del número de células debido fundamentalmente a un estímulo de la proliferación de los precursores neuronales y astrocitos. Este efecto estuvo acompañado por una reducción de la diferenciación morfológica neuronal cuando se comparó con los cultivos controles. En los cultivos, a los 16 días, la detección de la actividad específica de la colina acetiltrasferasa evidenció la diferenciación de una subpoblación neuronal colinérgica, las cuales respondieron al tratamiento con el factor de crecimiento nervioso con un aumento de la actividad de la enzima.

  19. Tratamento cirúrgico da retinopatia diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Alexandre Sabrosa

    2013-06-01

    Full Text Available A retinopatia diabética é a causa mais frequente de cegueira na população ativa nos países desenvolvidos. A prevalência da retinopatia diabética aumenta com a duração da diabetes, e praticamente 100% dos pacientes com diabetes tipo I (DM I e mais do que 60% dos pacientes com o tipo II (DM II apresentarão algum sinal de retinopatia após 20 anos. Além de um controle sistêmico rigoroso dos níveis glicêmicos, lipídicos, colesterol e da pressão arterial, o exame oftalmológico de rotina, com a identificação precoce da retinopatia diabética, podem detectar anormalidades em estágios primários, o que possibilita o tratamento ainda na fase inicial do problema; o uso adequado da fotocoagulação e a utilização da terapia antiangiogênica pode reduzir o número de pacientes com hemorragia vítrea ou descolamento tracional da retina. Infelizmente, em vários pacientes, a retinopatia progride mesmo com as melhores condutas tomadas pelo paciente e pelo oftalmologista, embora vários olhos podem se beneficiar com o tratamento cirúrgico, a vitrectomia posterior via pars plana. Esta revisão apresenta as indicações atuais para cirurgia vitreorretiniana em pacientes portadores de retinopatia diabética proliferativa.

  20. El receptor de estrógenos alfa como mediador del efecto proliferativo de progestágenos en cáncer de mama

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastián Giulianelli

    2012-08-01

    Full Text Available En carcinomas mamarios murinos (C4-HD y en células de cáncer de mama humano (T47D observamos que el progestágeno sintético, acetato de medroxiprogesterona (MPA, induce la activación del receptor de estrógenos alfa (REa y su asociación nuclear con el receptor de progesterona (RP. En este trabajo postulamos que dicha interacción a nivel genómico sería fundamental para desarrollar respuestas proliferativas mediadas por progestágenos. Demostramos que el antiestrógeno fulvestrant (FUL, ICI182.780 indujo la regresión completa de tumores C4-HD creciendo con MPA. El progestágeno indujo la expresión temprana de CCND1 y MYC en células T47D y este efecto fue revertido al bloquear el REa. En células tratadas con MPA utilizamos ensayos de inmunoprecipitación de la cromatina (ChIP y corroboramos la colocalización nuclear de RP/REa en los mismos sitios de los promotores de CCND1 y MYC. El ICI no afectó la unión de RP a ambas secuencias regulatorias, pero sí inhibió la unión del REa. Confirmamos la interacción nuclear entre REa y RP en muestras de cáncer de mama humano. Los resultados demuestran que la presencia del REa, interactuando con el RP, en promotores de CCND1 y MYC es fundamental para la transcripción génica y la proliferación celular inducida por el progestágeno.

  1. Pleurodese: técnica e indicações Pleurodesis: technique and indications

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Costa Vaz

    2006-08-01

    Full Text Available O derrame pleural recidivante é uma situação clínica comum que compromete a qualidade de vida dos pacientes, em especial dos portadores de doença oncológica em estágio avançado. A abordagem terapêutica do espaço pleural é variada, incluindo procedimentos agressivos como a pleurectomia. A pleurodese é a técnica mais freqüentemente utilizada, podendo ser induzida tanto através da inserção de cateteres pleurais, como por procedimentos cirúrgicos amplos (toracotomia. São vários os agentes esclerosantes indicados, incluindo o talco, que é o mais utilizado, o nitrato de prata e recentemente as citocinas proliferativas. Este artigo resume as principais abordagens do derrame pleural recidivante e particularmente da pleurodese, suas indicações, vantagens e desvantagens para a aplicação na prática diária do pneumologista.Recurrent pleural effusion, which is commonly seen in clinical practice, compromises patient quality of life, especially in patients with advanced malignant disease. The therapeutic approach to the pleural space involves a wide range of techniques, including aggressive procedures such as pleurectomy. Among such techniques, pleurodesis is the most frequently used. Pleurodesis can be induced through the insertion of pleural catheters, as well as through major surgical procedures (such as thoracotomy. There are various recommended sclerosing agents, including talc (which is the most widely used, silver nitrate and, recently, proliferative cytokines. This article summarizes the principal approaches to the treatment of recurrent pleural effusion, pleurodesis in particular, addressing the indications for, as well as the advantages and disadvantages of, their application in daily pulmonology practice.

  2. DERMATITE DIGITAL BOVINA: ASPECTOS RELACIONADOS À EVOLUÇÃO CLÍNICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olízio Claudino da Silva

    2006-10-01

    Full Text Available A dermatite digital bovina é uma enfermidade de etiologia multifatorial e patogenia complexa que representa grande entrave produtivo e econômico à pecuária mundial.O objetivo deste estudo foi avaliar aspectos relacionados à evolução clínica da enfermidade após antibioticoterapia parenteral. Foram utilizadas 28 fêmeas bovinas, da raça Girolando, com idade entre quatro a dez anos, portadoras de lesões digitais clinicamente caracterizadas como dermatite digital. Os bovinos enfermos foram distribuídos em dois grupos (I e II de quatorze animais. Aqueles pertencentes ao grupo I constituíram o grupo-controle, em que,portanto, não foi utilizada antibioticoterapia. Nas vacas que compuseram o grupo II, aplicaram-se, por via intramuscular,20 mg/kg de peso corporal de oxitetraciclina, em intervalos de 48 horas, até completar quatro aplicações. Ao final de um ano de observação, a maioria das lesões na pele do espaço interdigital entre os talões evoluiu para a forma clínica erosiva e aquelas localizadas nos pontos limítrofes entre apele e o cório coronário dos talões, na parede abaxial do estojo córneo ou no espaço interdigital dorsal, evoluíram para a forma proliferativa. Não houve cura de nenhum animal em ambos os grupos, porém a antibioticoterapia parenteral reduziu a gravidade das lesões. PALAVRAS-CHAVE: Antibioticoterapia, bovinos, dermatite digital, evolução clínica.

  3. Atualização na etiopatogênese da esclerose sistêmica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Fontes Zimmermann

    2013-12-01

    Full Text Available A Esclerose Sistêmica (ES é uma doença autoimune de etiologia multifatorial, desencadeada pela combinação de fatores genéticos e ambientais. Sua variada expressão clínica resulta da complexa interação fisiopatogênica de três elementos principais: a vasculopatia proliferativa, a desregulação imunológica e a deposição e remodelamento anormais da matriz extracelular (MEC, da qual resulta a fibrose característica da doença. Eventos fisiopatogênicos precoces parecem ser a lesão endotelial e o desequilíbrio no reparo vascular, com a ativação de células endoteliais, do sistema imune e das plaquetas, com a liberação de múltiplos mediadores, como as citocinas proinflamatórias TH2 e os fatores de crescimento, desencadeando uma sequência de eventos simultâneos ou em cascata que envolve diversas vias de sinalização intracelular. O resultado mais importante desses eventos é a hiperativação dos fibroblastos, as principais células efetoras da fibrose, as quais passam a produzir grandes quantidades de constituintes da MEC e a secretar múltiplos fatores de crescimento e citocinas que perpetuam o processo. Neste artigo apresentamos uma revisão dos principais fatores potencialmente implicados na etiologia da ES e revisitamos os conhecimentos atuais sobre os mais importantes mecanismos envolvidos no desenvolvimento das lesões características da doença. O melhor entendimento desses mecanismos fisiopatogênicos possibilita identificar potenciais alvos terapêuticos, o que pode resultar em avanços no manejo dessa complexa e debilitante doença.

  4. Revista de revistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Facultad de Medicina Revista

    1943-06-01

    Full Text Available British Medical Information Service. 3, Hanover Street. London, w. 1. Autores, Batchelor, R. C. L., Murrell, M., Thomson, G. M. Revista. British Journal of Venereal Diseases. Tomo 17, páginas 244-9. Julio y Octubre, 1941. Sulfatiazol en el tratamiento de la gonorrea / Scarff, R. ,W. and Smith, C. P. Revista : Brttish Journal. Abreviación: Brit. J. Sur. Tomo 29. Páginas 393-396. Fecha: Abril, 1942. Lesiones proliferativas y otras lesiones de mama en varón / Hemphill, R. E. Revista Jonrnal of Mental Science. Tomo 88. páginas 1-30. Enero, 1942. Catatonia hipertiroidea: un compiejo de síntomas esqulzofrenicos / Miller, E. W., Pybus, F. C. Revista: Journal of Pathology and Bacteríology, Abreviación : J. Path. Bact. Tomo 54. Páginas 155-168. Fecha: Abril-1942. El efecto de la estrona sobre ratones de tres cepas puras, con especial referencia a las glandulas mamarias / Dann, L., Glucksmann, A. Revísta : Lancet. Tomo 1. Páginas 95-98. Fecha, 24/1/42. Heridas experimentaleis tratadas con aceite de higado de bacalao y sustancias afines / Maitland, A. J. L. Revista: Journal of the Royal Naval Medical Service. Abreviación: J. roy. nav. med. Serv. Tomo 28. Páginas 3-17. Fecha: Enero, 1942. Quemaduras de guerra. Un estudio del tratamiento y resultados en un centenar de casos / Sheehan. H. L. Revista: Lancet. Tomo 1. Páginas: 616-618. Fecha: 23/5/42. Transfusión de sangre para  hemorragia obstetrica y shock / Carter, A. B. Revista, Journal of Mental Science. Tomo 88, páginas 31-81. Enero, 1942. Los factores pronosticos en las psicosis de los adolescentes

  5. Envolvimento renal na salmonelose septicêmica prolongada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Carvalho Filho

    1977-10-01

    Full Text Available Numa análise de 68 pacientes com o diagnóstico de salmonelose septicêmica prolongada (doentes com a forma hépato-esplênica da esquistossomose mansônica, e bactérias do gênero Salmonella isoladas do sangue, demonstrou-se que 28 deles (41,2% apresentaram, concomitantemente, proteinúria e alterações significantes do sedimento urinário (hematúria, leucocitúria e cilindrúria. Destes doentes 3 apresentaram quadro de síndrome nefrótica e quatro se apresentaram urêmicos. Em 10 doentes foi realizado estudo histológico dos rins, havendo em 5, glomerulonefrite proliferativo membranoss, em 2 esclerose glomerular focal, 1 paciente apresentou glomerulonefrite proliferativa mesangial e um apenas alterações histológicas mínimas. Infecção do trato urinário por Salmonella (a mesma isolada do sangue foi observada em 3 casos. A ocorrência do mesmo padrão histológico de alteração glomerular observado na glomerulopatia da esquistossomose sugeriu que o principal determinante da lesão glomerular foi, provavelmente, a infecção por S. mandoni. A elevada prevalência de alterações urinárias, em muitos casos desaparecendo com o tratamento da salmonelose, sugeriu que a infecção bacteriana contribuiu para o aparecimento das manifestações clínicas da nefropatia provavelmente através mecanismo imunológico. O achado de nefrite intersticial mais freqüente e intensa nestes casos do que naqueles apenas com esquistossomose também sugere uma peculiaridade desta condição provavelmente de natureza imunológica.

  6. Circovirose suína Porcine circovirosis: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ticiana do Nascimento França

    2005-06-01

    Full Text Available Por meio de revisão da literatura pertinente foram coligidos e são apresentados os principais dados relativos aos aspectos epidemiológicos, clínicos, anátomo e histopatológicos observados na infecção por Circovírus Porcino tipo 2 (PCV-2 em suínos. São abordados a Síndrome Definhante Multissistêmica dos Suínos Desmamados (SDMDS, o Tremor Congênito Suíno (TCS, a Síndrome da Nefropatia e Dermatite Porcina (SNDP, bem como outras enfermidades associadas ou correlatas, a Síndrome Respiratória e Reprodutiva Porcina (SRRP, a Pneumonia Necrotizante Proliferativa (PNP e as falhas reprodutivas. Uma vez que a SDMSD já foi registrada na Região Sul do Brasil e no Estado do Rio de Janeiro esse estudo objetiva chamar a atenção para o especial significado dessa virose para a suinocultura brasileira, em função dos prejuízos econômicos por ela determinados.The literature of Porcine Circovirosis, including the main data on epidemiology and clinical, macroscopic and microscopic alterations of the infection of swine by Porcine Circovirus type 2 (PCV-2, is reviewed. There are various forms of infection: the [Porcine] Postweaning Multisystemic Wasting Syndrome (PMWS, Porcine Congenital Tremor, Porcine Dermatitis and Nephropathy Syndrome, and other associated or correlated diseases as the Porcine Reproductive and Respiratory Syndrome, Proliferative Necrotizing Pneumonia, and reproductive disorders. As PMWS already has been reported from southern Brazil and from the state of Rio de Janeiro, the objective of this review is to draw attention to the implications of this virosis for swine production in Brazil and its economical importance.

  7. Prevalence of diabetic retinopathy in Peruvian patients with type 2 diabetes: results of a hospital-based retinal telescreening program Prevalencia de retinopatía diabética en pacientes con diabetes tipo 2 en el Perú: resultados de un programa hospitalario de detección sistemática mediante telemedicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime E Villena

    2011-11-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To estimate the prevalence of diabetic retinopathy (DR in patients with type 2 diabetes and to determine any association with clinical factors. METHODS: This hospital-based screening project was designed to prospectively detect the presence of DR in patients with type 2 diabetes by grading images acquired with a digital retinal camera. RESULTS: Of 1 311 patients screened, appropriate retinal images were obtained in 1 222 subjects (93.2%. DR was detected in 282 patients (23.1% [95% confidence interval (CI: 20.71-25.44]; 249 patients (20.4% (95% CI: 18.1-22.6 had nonproliferative DR and 33 (2.7% (95% CI: 1.8-3.6 had proliferative DR. In 32 patients (11.3%, DR was unilateral. The frequency of DR was the same in both sexes. Prevalence of blindness was twice as frequent in patients with DR as in those without it (9.4% and 4.6%, respectively (P = 0.001. The frequency of DR at diagnosis was 3.5% and it increased with the duration of diabetes. DR was more frequent in patients with arterial hypertension, macrovascular or microvascular complications, and hemoglobin A1c (HbA1c > 7.0% and in those treated with insulin or sulfonylureas. It was less prevalent in those with HbA1c OBJETIVO: Calcular la prevalencia de la retinopatía diabética en pacientes con diabetes tipo 2 y determinar su asociación con factores clínicos. MÉTODOS: Este proyecto de detección sistemática hospitalaria se diseñó para detectar de manera prospectiva la presencia de retinopatía diabética en pacientes con diabetes tipo 2 mediante la valoración de imágenes obtenidas con una cámara digital para fotografía retiniana. RESULTADOS: Se evaluó a 1 311 pacientes y se obtuvieron imágenes retinianas apropiadas en 1 222 de ellos (93,2%. Se detectó retinopatía diabética en 282 pacientes (23,1% (intervalo de confianza [IC] de 95%: 20,71-25,44: 249 pacientes (20,4% (IC de 95%: 18,1-22,6 tenían retinopatía diabética no proliferativa y 33 (2,7% (IC 95%: 1

  8. A família do p53: aspectos estruturais e funcionais do p73 e do p63 The p53 family: structural and functional aspects of p73 and p63

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Ribeiro-Silva

    2003-06-01

    Full Text Available O p53 é um gene regulador chave do ciclo celular que, quando sofre mutações, leva ao desenvolvimento de neoplasias, atuando, portanto, como um gene supressor tumoral em condições normais. Recentemente foram identificados genes homólogos ao p53 denominados p73 e p63, provavelmente oriundos de um gene ancestral comum. Apesar da grande homologia estrutural, os membros da família do p53 possuem diferenças funcionais entre si. O presente artigo tem por finalidade discorrer sobre os principais aspectos estruturais e funcionais do p73 e do p63, ressaltando seus papéis na tumorigênese humana. O p73 ativa vários genes responsivos ao p53 e, quando superexpresso, inibe a ação do p53. Raramente encontra-se mutado em neoplasias, e seu papel na tumorigênese humana ainda é motivo de controvérsias. O p63 não é um gene supressor tumoral clássico, sendo essencial para a manutenção de uma população de células precursoras (células-tronco em vários tecidos epiteliais. O p63 marca as células basais de vários órgãos epiteliais, como a pele e a próstata, podendo ser considerado um marcador de indiferenciação celular. O p63 é um marcador recentemente descrito e ainda requer maior investigação para determinar seu papel no desenvolvimento de neoplasias em humanos.The p53 gene has a key role in the cell cycle control. When mutated, it promotes the development of neoplasms, acting in so far as a tumor suppressor gene in normal conditions. Recently, genes homologue to p53 were identified, named p73 e p63, probably originated from a common ancestral gene. Despite the great structural homology, the members of p53 family have functional differences. This article aims to discourse about the major structural and functional aspects of p73 and p63, reinforcing their role in human tumorigenesis. P73 activates several p53 responsive genes and, when overexpressed, inhibits the p53 action. It is rarely mutated in neoplasms and its role in human

  9. Vaporização a laser do cervix para tratamento da neoplasia intraepitelial cervical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Euridice Maria de Almeida Figueiredo

    Full Text Available O câncer cérvico-uterino é muito comum em vários países da América Latina. As estatísticas de mortalidade e as taxas de incidência demonstram a sua real importância. O cânver cérvico-uterino freqüentemente é uma doença progressiva iniciada com mudanças intra-epiteliais, que podem se transformar em um processo invasivo, sendo o nosso objetivo tratar precocemente estas lesões quando ainda é possível a cura de 100%. Em nosso estudo prospectivo foram selecionadas 21 pacientes com neoplasia cervical intra-epitelial reatreadas pela citplogia e diagnosticadas pela histopatologia após biópsia dirigida pela colposcopia. O método terapêutico empregado foi a vaporização a laser com o CO2. Tiveram como pré-requisito os seguintes critérios: informação segura pela colposcopia da zona de transformação e afastar a presença de câncer invasivo; a neoplasia epitelial cervical deve ocupar a ectocervix sem nenhuma extensão para o canal cervical e correlação positiva entre a citologia, colposcopia e histologia. O uso de laser CO2 com microscópio permitiu precisão na aplicação e com vantagens de ser um procedimento ambulatorial diminuindo estresse cirúrgico das pacientes. Foi realizado sem anestesia e com duração média de 15 minutos. A cicatrização completou-se em torno de três semanas e com cuidados operatórios mínimos. Somente dois casos tiveram sangramento vaginal discreto no quinto e décimo dia de pós-operatório, resolvido com tamponamento vaginal por 24 horas. A colposcopia, cirurgia e o seguimento foram feitos pelo autor, tendo uma paciente sido submetida a uma segunda vaporização no quinto mês de controle. Somente uma paciente teve recidiva no 26° mês de seguimento e complementará o tratamento. As vinte outras restantes estão em controle sem recidiva de doença. Em vista dos resultados obtivemos um percentual de cura de 95%, que coincide com a literatura. O uso de laser CO2 no tratamento das neoplasias

  10. Prevalência e caracterização de espécies de lactobacilos vaginais em mulheres em idade reprodutiva sem vulvovaginites Prevalence and characterization of vaginal lactobacillus species in women at reproductive age without vulvovaginitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Melo Brolazo

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar espécies de lactobacilos isolados do conteúdo vaginal de mulheres saudáveis e assintomáticas; determinar as espécies mais prevalentes e caracterizá-las fenotipicamente. MÉTODOS: lactobacilos foram isolados em meio seletivo a partir de amostras de conteúdo vaginal de 135 mulheres, sem queixa de corrimento e com diagnóstico laboratorial negativo para infecções vaginais, acompanhadas em um ambulatório de Planejamento Familiar. Os isolados foram identificados por PCR multiplex e, quando necessário, submetidos ao sequenciamento do gene RNAr 16S. Foram também avaliados quanto à acidificação do meio de cultura, à produção de ácido láctico, de H2O2, bacteriocinas e a capacidade de adesão às células epiteliais. RESULTADOS: oitenta e três cepas de lactobacilos foram isoladas e identificadas, sendo as espécies predominantes L. crispatus (30,1%, L. jensenii (26,5%, L. gasseri (22,9% e L. vaginalis (8,4%. Apenas 20 destes isolados não produziram H2O2 em quantidades detectáveis. Das 37 linhagens selecionadas para teste de adesão a células epiteliais, 12 apresentaram adesão entre 50 a 69%, 10 apresentaram 70% ou mais, e as restantes pouca ou nenhuma adesão. Nenhum dos isolados produziu bacteriocinas. CONCLUSÕES: as espécies de lactobacilos mais prevalentes em mulheres sem vulvovaginites, isoladas em meio de cultura seletivo e identificadas por métodos moleculares, foram L. crispatus, L. jensenii e L. gasseri. Além de mais frequentes, tais linhagens também apresentaram melhor produção de H2O2 e atingiram menores valores de pH em meio de cultura.PURPOSE: to identify species of lactobacillus isolated from the vaginal contents of healthy and asymptomatic women, determining the most prevalent species and characterizing them phenotypically. METHODS: lactobacillus have been isolated in selective milieu from samples of the vaginal contents of 135 women without complaints of vaginal secretion, and with

  11. Achados clínicos e patológicos em cães infectados naturalmente por herpesvírus canino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo C. Oliveira

    2009-08-01

    Full Text Available Descrevem-se os achados clínicos e patológicos e os exames laboratoriais de filhotes de cães com diagnóstico post mortem de infecção por herpesvírus canino. Os casos ocorreram em duas propriedades da Cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em abril de 2007 e julho de 2008. Clinicamente, os cães apresentaram anorexia, apatia, choro e dispneia. A morte dos cães ocorreu após 24-72 horas do início dos sinais clínicos. Na necropsia observaram-se hemorragia multifocal renal e hepatomegalia com petéquias e pontos brancos na superfície natural do fígado. Os pulmões se apresentaram não-colapsados e vermelhos. Havia esplenomegalia e, em alguns cães, petéquias na superfície capsular do baço. Aumento dos linfonodos mesentéricos e do timo foi observado. Lesões microscópicas incluíram hemorragia e necrose multifocal em células epiteliais tubulares renais, hepatócitos e tecidos linfoides. Nos pulmões, havia necrose alveolar multifocal acentuada com abundante material fibrinoso e infiltrado inflamatório misto de intensidade variada. Ocasionais corpúsculos de inclusão intranucleares em áreas periféricas à necrose foram identificados em hepatócitos, células epiteliais de túbulos renais e células alveolares. Amostras de fígado, rim e pulmão foram positivas na imunofluorescência direta para herpesvírus canino tipo 1 (CHV-1. O diagnóstico de infecção por herpesvírus foi baseado nos achados de necropsia, histológicos e de imunofluorescência positiva em tecidos usando anticorpo anti-CHV-1. De nosso conhecimento, este é o primeiro relato da identificação do CHV-1 no Brasil, embora achados clínico-patológicos anteriores já sugerissem a presença do agente na população canina do país.The clinic and pathological findings and laboratorial testing of puppies with postmortem diagnosis of canine herpesvirus infection are described. The cases occurred in two households of Porto Alegre, RS, in April 2007 and July 2008

  12. Changes in the volume and histology of endometriosis foci in rats treated with copaiba oil (Copaiferalangsdorffii Mudanças no volume e histologia do foco de endometriose em ratas tratadas com óleo de Copaíba (Copaiferalangsdorffii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Nogueira Neto

    2011-01-01

    ptica. RESULTADOS: A média final dos volumes foi significativamente diferente entre os grupos (p=0,007. Houve um aumente significante (p=0,12 entre o volume inicial e final do grupo controle, enquanto no grupo tratado com Copaiferalangsdorffii causou uma redução acentuada no crescimento endometrial ao longo durante o período (p=0,016. Histologicamente,6 das 11 (55% ratas do grupo experimental tinha uma camada epitelial bem preservada e 3 (45% apresentaram epitélio levemente preservado. O grupo controle apresentou sete casos (58,3% de células epiteliais bem preservadas e cinco casos (41,7% de células epiteliais levemente preservadas (p>0,05. CONCLUSÃO: O óleo de copaíba (Copaiferalangsdorffii parece ser um tratamento alternativo promissor para endometriose.

  13. Estudo do raspado de conjuntiva de pacientes tratados de retinoblastoma: Etapa II -- citologia Study of conjunctival scrape smears in patients treated for retinoblastoma: Phase II - cytology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carmen Menezes Santos

    2002-06-01

    Full Text Available Objetivo: A citologia da conjuntiva humana tem sido amplamente estu-dada. A falta de dados sobre as características do raspado ocular em pacientes tratados de retinoblastoma submetidos à enucleação e radioterapia foi o que motivou este estudo. Métodos: Foram examinadas 114 órbitas de 58 pacientes. Este trabalho apresenta os resultados da citologia conjuntival, em 4 condições, com e sem enucleação, com e sem radioterapia. Resultados: No infiltrado leucocitário das órbitas com bulbo ocular predominaram os linfócitos e nas demais, os polimorfonucleares neutrófilos. De maneira geral, as alterações das células epiteliais mais encontradas nas lâminas dos esfregaços conjuntivais de órbitas irradiadas foram: células com núcleo aumentado e nucléolo proeminente e com hialinização do citoplasma. Conclusão: Os achados citológicos do raspado conjuntival não indicaram perfil característico e distinto para cada grupo.Purpose: Human conjunctival cytology has been extensively studied. Lack of data about the characteristics of conjunctival smears in patients treated for retinoblastoma who underwent enucleation and radiotherapy motivated this study. Methods: A previously studied group of 114 orbits of 58 patients was examined. The authors present the results of conjunctival cytology in 4 different situations, with and without enucleation, with and without radiotherapy. Results: In the leukocytic infiltrate in orbits with ocular bulbi predominated the lymphocyte, while in the others predominated the polymorphonuclear neutrophil. In general, the majority of epithelial cell alterations seen in the conjunctival smears of irradiated orbits were: cell with large nuclei, prominent nucleoli, and cytoplasmatic hyalinization. Conclusion: The cytological findings of the conjunctival smears do not indicate a characteristic and distinct pattern for each group.

  14. Paragangliomas timpânicos: relato de casos Tympanic paragangliomas: case reports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eugênia L. R. B de V. Neto

    2005-02-01

    Full Text Available Os tumores glômicos, também chamados de paragangliomas, são formados por células não cromafins. O tumor é tipicamente vascular formado por vasos capilares e pré-capilares, interposto por células epiteliais. Para a sua abordagem inicial, deve-se ressaltar que os sintomas mais comumentes encontrados são o zumbido pulsátil e hipoacusia. A investigação através de imagem (tomografia computadorizada e ressonância magnética se faz necessária. Apresentaremos neste trabalho 5 pacientes portadores de paragangliomas timpânicos atendidos no Hospital (de 1995 a 2001. O sexo predominante foi o feminino, a idade variou de 48 a 60 anos, com média de 50 anos. A queixa predominante foi o zumbido pulsátil e a hipoacusia. A conduta foi cirúrgica em todos os casos.Glomus tumors, also called paragangliomas, originate from nonchromaffin cells. The tumor is typically vascular and grows from capillary and pre-capillary vessels in-between epithelial cells. It is worth mentioning that the most common symptoms are pulsating tinnitus and hearing loss. Imaging studies (CT and MRI are necessary for diagnosis. This paper shows five patients seen at the Hospital between 1995 and 2001 presenting glomus tympanicum. Women were most commonly affected, and the age ranged from 48 to 60 years (mean age of 50 years. The most common complaints were pulsating tinnitus and hearing loss. All patients were treated surgically.

  15. Systematic and pathologic study of Paratanaisia bragai (Santos, 1934 Freitas, 1959 (Digenea, Eucotylidae infestation in ruddy ground dove Columbina talpacoti (Temminck, 1811 Estudo da sistemática e da patologia de Paratanaisia bragai (Santos, 1934 Freitas, 1959 (Digenea, Eucotylidae em rolinha-caldo-de-feijão, Columbina talpacoti (Temminck, 1811

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.M. Pinto

    2004-08-01

    Full Text Available This is the first report of the digenetic trematode Paratanaisia bragai infestation in a ruddy ground dove Columbina talpacoti, captured in a suburban area of Rio de Janeiro, Brazil. Although with a low prevalence (10%, the intensity of infection was high, considering that 116 worms were recovered from one of the kidneys. Gross lesions were not observed and histopathological analysis showed very dilated renal collecting ducts with destruction and flattening of the lining epithelial cells, without inflammatory reaction. The pathological findings were compared to those previously reported for P. bragai in other hosts, since the proposal of the species in 1934.O trematódeo digenético Paratanaisia bragai é referido pela primeira vez parasitando a rolinha-caldo-de-feijão, Columbina talpacoti, proveniente de área suburbana do Rio de Janeiro, Brasil. Embora com baixa prevalência (10%, a intensidade de infecção foi alta, considerando que 116 exemplares do parasito foram obtidos de um dos rins. Não foram observadas lesões macroscópicas. A análise histopatológica demonstrou grande dilatação dos dutos coletores renais, com destruição e achatamento das células epiteliais de revestimento, sem reação inflamatória. Os achados patológicos foram comparados aos anteriormente relatados para P. bragai em outros hospedeiros, desde a proposição da espécie em 1934.

  16. Aspectos ultra-estruturais das vilosidades intestinais após o clampeamento do pedículo hepático de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camargo Lázaro Manoel de

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a ultra-estrutura das vilosidades intestinais de ratos após diferentes tempos de clampeamento total do pedículo hepático. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos, machos, divididos em quatro grupos de 10 animais cada um. O grupo Sham não foi submetido a isquemia. Os grupos E1, E2 e E3 sofreram isquemia de 10, 20 e 30 minutos, respectivamente. Ao final do experimento, fragmentos do intestino delgado (íleo foram retirados e processados para microscopia eletrônica de transmissão. RESULTADOS: Nos grupos E1 e E2 observou-se infiltração de leucócitos, dilatação vascular e áreas eletrolúcidas na lâmina própria das vilosidades. Já no grupo E3 observou-se desprendimento do revestimento epitelial, desintegração das microvilosidades e núcleos em apoptose. Na lâmina própria notamos áreas hemorrágicas, vasos sangüíneos e linfáticos dilatados e inúmeros leucócitos. CONCLUSÕES: o clampeamento do pedículo hepático hepático provoca congestão esplâncnica, tempo dependente, sendo que aos 30 minutos se nota desprendimento das células epiteliais, apoptose e hemorragia.

  17. PERFIL CLÍNICO DAS MULHERES SUBMETIDAS AO EXAME PAPANICOLAU NA USF – BREJINHO NO ANO DE 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valquíria Borges da Silva

    2014-08-01

    Full Text Available O câncer de colo de útero é um importante problema de saúde pública, principalmente, em decorrência da crescente exposição a fatores de risco ambientais e da modificação de hábitos de vida da população. Com o objetivo de traçar o perfil clínico de mulheres submetidas ao exame Papanicolau, na USF-Brejinho, zona rural de um município do interior do Maranhão, no ano de 2011, foi realizado um estudo descritivo com resultados de exames papanicolau de 295 mulheres, por meio de um levantamento de dados, existentes em seus prontuários e livros de registro de enfermagem. De acordo com os resultados obtidos nesse trabalho, foram encontrados 2,1% de exames positivos para alterações celulares epiteliais escamosas e glandulares; destes, 0,6% referentes a atipias de significado indeterminado em células escamosas, 1,5% a atipias de significado indeterminado em células glandulares e, 1,25% com lesão intraepitelial cervical de baixo grau. Vale ressaltar que essas lesões, consideradas como precursoras do carcinoma de colo uterino, desempenham importante papel no processo de evolução para o câncer cervical. Isso demonstra a necessidade de um aporte às atividades de prevenção primária e de detecção precoce dessas lesões, na tentativa de minimizar as taxas de mortalidade atribuídas a essa patologia em nossa região.

  18. Problemas ginecológicos mais freqüentes em mulheres soropositivas para o HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo Victor Hugo de

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: apresentar os achados ginecológicos mais freqüentes de uma coorte de 300 mulheres infectadas pelo HIV, acompanhadas ambulatorialmente. MÉTODOS: estudo prospectivo e descritivo de mulheres HIV-soropositivas atendidas em clínica ginecológica, no período de novembro de 1996 a dezembro de 2002. As pacientes foram submetidas ao protocolo de atendimento ginecológico que incluiu anamnese, exame ginecológico, colpocitologia oncótica (Papanicolaou, pesquisa de HPV (PCR e colposcopia. A biópsia cervical, quando necessária, foi realizada. Os dados foram armazenados e analisados no Epi-Info, versão 6.0. RESULTADOS: a idade média foi 34,5 anos. Destaca-se o pequeno número de parceiros sexuais, média de três parceiros, e a predominância do contágio heterossexual: 271 (90,6% pacientes adquiriram o vírus por meio do contato sexual com seus parceiros. Foi alta a prevalência de neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC, representando 21,7% do total da amostra. Dentre as 109 pacientes submetidas a PCR encontraram-se 89 (81,7% com algum genótipo do HPV. Esfregaço inflamatório à citologia esteve presente em 69% das pacientes. CONCLUSÕES: a infecção pelo HIV se associa com freqüência a NIC e a processos infecciosos genitais, em especial o HPV.

  19. Adenoma pleomórfico de septo nasal: relato de caso Pleomorphic adenoma of the nasal septum: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauren P. Rocha

    2004-06-01

    Full Text Available As neoplasias nasais são bastante raras. Os tumores mais observados na cavidade nasal são papilomas epiteliais, angiomas, carcinoma de células transicionais, carcinoma pavimentoso e adenocarcinoma. O adenoma pleomórfico pertence ao grupo de tumores que aparecem com menor freqüência na fossa nasal, e é o tumor benigno glandular mais comum originado na cabeça e pescoço. A apresentação clínica típica dos pacientes com adenoma pleomórfico do septo nasal é de obstrução nasal unilateral, epistaxe e massa indolor na cavidade nasal. Em vista da raridade da apresentação clínica do adenoma pleomórfico nesta localização, os autores descrevem um caso de adenoma pleomórfico nasal em um paciente do sexo masculino, com 69 anos de idade, onde relatam os achados clínicos, critérios diagnósticos, tratamento, prognóstico e revisão da literatura.Nasal tumours are very rare. The neoplasms most frequently seen in the nasal cavity are epithelial papillomas, angiomas, transitional cells carcinoma, pavement carcinoma and adenocarcinoma. The pleomorphic adenoma belongs to the group of tumours less commonly observed in the nasal cavity, and is the most common head and neck benign glandular tumour. The typical clinical presentation of the nasal pleomorphic adenoma is of unilateral nasal obstruction, epistaxis and a painless mass in the nasal cavity. The authors reported an adenoma pleomorphic case that highlights itself by its unusual nasal presentation in the nasal septum of a 45-year-old male patient who was submitted to surgical treatment, and discuss the clinical findings, diagnostic criteria, treatment, prognosis and literature review.

  20. Aspectos histopatológicos das lesões renais em gatos experimentalmente infectados pelo vírus da imunodeficiência felina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo P. Mesquita

    2014-09-01

    Full Text Available A infecção pelo vírus da imunodeficiência felina (FIV em gatos domésticos é caracterizada por distúrbios imunológicos, que geralmente se manifestam tardiamente na doença. Semelhante à infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV em humanos, a infecção pelo FIV geralmente está associada a infecções oportunistas e ao desenvolvimento progressivo de nefropatia. Portanto, o objetivo do presente estudo foi avaliar as alterações histopatológicas em rins de 10 gatos experimentalmente infectados pelo FIV submetidos a eutanásia 60 meses após a inoculação viral. Nos rins de 100% dos gatos infectados pelo FIV foram visualizadas lesões glomerulares e tubulointersticiais. As lesões glomerulares eram caracterizadas principalmente por espessamento global ou segmentar da membrana basal glomerular (glomerulonefrite membranosa. Glomeruloesclerose e, em dois casos, proliferação de células epiteliais intraglomerulares (crescente glomerular, também foram observados. Nefrite intersticial linfoplasmocítica foi a alteração tubulointersticial mais frequente, visualizada em diferentes intensidades nos rins de 100% dos gatos. Os resultados do presente estudo demonstram que o tempo prolongado entre a infecção e a avaliação histopatológica pode ter sido decisivo para o surgimento das lesões renais em todos os gatos infectados pelo FIV e para o agravamento dessas lesões em alguns gatos.

  1. Tratamento cirúrgico e terapias adjuvantes na papilomatose respiratória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melissa Ameloti Gomes Avelino

    2013-10-01

    Full Text Available Papilomatose respiratória recorrente ou papilomatose laríngea recorrente é uma doença da laringe, causada pelo papiloma vírus humano, caracterizada por lesões epiteliais verrucosas e, geralmente, recorrentes. Na literatura são descritos diversos tipos de tratamento, como cirurgia a frio, a laser e/ou uso de microdebridador, além das terapias adjuvantes; todas no sentindo de diminuir possíveis sequelas permanentes da doença. OBJETIVO: Realizar uma revisão de literatura a respeito desta doença com ênfase nas técnicas cirúrgicas e terapias adjuvantes mais utilizadas atualmente. MÉTODO: Utilizou-se a metodologia de revisão bibliográfica, por meio de levantamentos em base de dados eletrônicos de domínio público, entre 1992-2012, utilizando-se as palavras-chave: papiloma, infecções por papillomavírus, laringe, terapêutica, vacinas contra papillomavírus. RESULTADOS: Foram levantados 357 artigos, dos quais 49 foram usados como base para esta revisão. Os trabalhos científicos apontam para a redução de recidiva na maioria das terapêuticas adjuvantes. Entretanto, o levantamento demonstrou metodologias e amostras diferentes, o que não permitiu comparar os tipos de tratamento e de terapias adjuvantes. CONCLUSÃO: A escolha da técnica cirúrgica varia entre os autores, porém, há uma tendência atual ao uso do microdebridador. As terapias adjuvantes recentes, como cidofovir, vacina tetravalente contra o papiloma vírus humano e bevacizumab, necessitam de estudos mais amplos.

  2. Investigação da LMP1 do EBV e a coinfeçcão do HPV em lesões genitais de pacientes infectados ou não pelo HIV Investigation of the LMP1 EBV and co-infection by HPV in genital lesions of patients infected or not by HIV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Resende Rodrigues

    2010-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Vários estudos têm demonstrado associação do vírus Epstein-Barr (EBV com neoplasias malignas, inclusive genitais, em que o papilomavírus humano (HPV é o principal vírus associado às neoplasias epiteliais benignas e malignas. OBJETIVO: Investigar a presença do EBV e do HPV em lesões genitais de ambos os sexos, em pacientes soropositivos (grupo A ou não (grupo B para o vírus da imunodeficiência humana (HIV. MATERIAL E MÉTODO: Selecionados 126 pacientes e 135 lesões anogenitais, sendo 67 pacientes (53% e 75 lesões (56% no grupo A e 59 pacientes (47% e 60 lesões (44% no grupo B, para análise imuno-histoquímica (IHQ por meio dos anticorpos monoclonais antiproteína latente de membrana 1 (LMP1 e HPV (DAKO®. RESULTADOS: A análise mostrou que o número total de lesões com imunopositividade para o HPV e para a LMP1 foi maior no grupo A (32 e 35, respectivamente quando comparado ao B (16 e seis, respectivamente. A análise estatística (nível de significância de 5% mostrou que as proporções para o HPV não são estatisticamente significativas (z = 1,93; valor p = 0,053. Entretanto, para a LMP1, a diferença (47% no grupo A e 10% no B é significativa (z = 4,60; valor p = 4,2×10-6. Do mesmo modo, a associação HPV-LMP1 (21% no grupo A e 7% no B também mostrou diferença estatisticamente significativa (z = 2,38; valor p = 0,017. CONCLUSÃO: Esses resultados indicam a possibilidade de sinergismo da infecção pelo EBV e a coinfecção EBV-HPV em lesões epiteliais genitais, particularmente em pacientes soropositivos para o HIV. Entretanto, investigações com metodologia de maior especificidade e sensibilidade são necessárias para a verificação da real participação do EBV na patogênese de lesões epiteliais genitais.INTRODUCTION: Several studies have demonstrated the association between Epstein-Barr virus (EBV and malignant neoplasias, including genital lesions, in which the human papillomavirus (HPV is the

  3. Retinal thickness measurement and evaluation of natural history of the diabetic macular edema through optical coherence tomography Medida da espessura retiniana e avaliação da história natural do edema macular diabético pela tomografia de coerência óptica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Zacarias Hannouche

    2009-08-01

    variância (ANOVA. A relação entre a espessura foveal central no tomografia de coerência óptica com a acuidade visual e a hemoglobina glicosilada foi estudada através de regressão linear. RESULTADOS: Registrou-se não haver diferença significativa entre casos e controles nas variáveis idade (p=0,343 e sexo (p=0,793. Os valores da espessura foveal central para o sexo masculino foram maiores que no sexo feminino (p<0,05 mostrando que a variável sexo interfere nos valores da espessura foveal central. Dos pacientes diabéticos com edema macular clinicamente significativo, 83,33% apresentavam retinopatia diabética não-proliferativa moderada, 10% retinopatia diabética não-proliferativa leve e 6,66% retinopatia diabética não-proliferativa grave. Os pacientes em tratamento combinado de insulina com hipoglicemiante oral apresentaram influência nos resultados da espessura foveal central pela tomografia de coerência óptica e na acuidade visual. A duração média do diabetes foi de 9,63 anos. Registraram-se valores da espessura foveal central pela tomografia de coerência óptica sempre maiores nos pacientes que no grupo controle (p<0,001. As medidas da HbA1c não influenciaram os valores da espessura foveal central (p=0,130 e as medidas da acuidade visual se correlacionaram significativamente com espessura foveal central (p=0,02. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo mostraram a aplicabilidade da tomografia de coerência óptica na detecção do edema macular diabético em pacientes com acuidade visual melhor ou igual a 20/40, ao longo de um ano, mostrando o espessamento retiniano nos estágios iniciais de retinopatia diabética. Evidenciou-se a correlação entre o aumento da espessura foveal central e a piora da acuidade visual. As medidas da HbA1c não influenciaram nas medidas da espessura foveal central. A detecção precoce do edema macular clinicamente significativo leva-nos a redimensionar o real significado da retinopatia incipiente, podendo prevenir

  4. Histología del ciclo reproductor de hembras del pejelagarto Atractosteus tropicus (Lepisosteiformes: Lepisosteidae enTabasco, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otilio Méndez-Marin

    2012-12-01

    Full Text Available En el sureste de México A. tropicus es una especie de gran importancia ecológica, económica, cultural y para acuicultura, sin embargo, sus poblaciones silvestres han disminuido a causa de diversas actividades antropogénicas, por lo que se caracterizó el ciclo reproductor de A. tropicus, a partir de los cambios en los elementos germinales y somáticos durante la ovogénesis y la estructura de toda la gónada, información valiosa para el mejor manejo y aprovechamiento de la especie. Mensualmente se capturaron con redes de arrastres, seis hembras sexualmente maduras (N=72, durante un ciclo anual (octubre 2003-septiembre 2004, en poblaciones silvestres de la laguna de Pomposu del municipio de Jalpa de Méndez; Tabasco, México. Las hembras fueron sacrificadas por decapitación y los ovarios se procesaron por métodos histológicos convencionales, se determinó el diámetro entre 10-20 ovocitos en los diferentes estadios de desarrollo al azar. Se determinó mensualmente el índice gonadosomático (IGS, volumen gonadal (gV y el diámetro del folículo (fD. Además, se identificaron ocho estadios de desarrollo de la ovogénesis: I: cromatina nucléolo, II: perinucléolo temprano, III: perinucléolo avanzado, IV: alvéolos corticales, V: vitelogénesis temprana, VI: vitelogénesis media, VII: vitelogénesis avanzada, VIII: maduración final. El ciclo reproductor la constituye cuatro clases: I.-Proliferativa, II.-Maduración inicial, III.-Maduración tardía, IV.-Regresión-proliferación. El análisis de la información obtenida de los valores encontrados del IGS, gV, fD, estadios de la ovogénesis y clases reproductivas, indican que en diciembre se reinicia el crecimiento de los folículos (previtelogenesis, de mar-zo-julio se presenta la captación del vitelo (vitelogenesis y en agosto-noviembre se presenta la máxima actividad reproductora, al contrastar este patrón con los factores ambientales (temperatura, precipitación se sugiere que estos

  5. Frequência de micronucleação e de outras alterações nucleares em células da mucosa bucal de pacientes anêmicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raissa Negrelli da Silva Ferri

    2014-10-01

    Full Text Available Introdução: o Teste Citogenético do Micronúcleo é um biomarcador que fornece informações para avaliar lesões cromossômicas oriundas de ações genotóxicas. A frequência de micronúcleos pode ser mensurada em situações de exposição a ambiente e substâncias com alto poder genotóxico. Muitas anemias apresentam sua gênese na deficiência nutricional e têm como consequência o aumento das lesões no DNA, assim como estresse oxidativo elevado. A deficiência de ácido fólico e de vitamina B12 determina maior instabilidade cromossômica, seja pela carência de cofatores ou por lesões oxidativas no material genético, com implicações no sistema de reparo do DNA; Objetivo: avaliar a frequência de micronucleação e de outras alterações nucleares em células da mucosa bucal de adultos anêmicos; Metodologia: o estudo foi conduzido com 60 indivíduos, dos quais 30 eram anêmicos e 30 compuseram o grupo controle. Foi feito o Teste do Micronúcleo e as amostras de células da mucosa bucal foram colhidas e processadas conforme o protocolo de Thomas, et. al. (2009. Resultados : a frequência de micronucleação e de outras alterações nucleares foram maiores em anêmicos, enquanto o grupo controle apresentou maior capacidade proliferativa. Conclusão: a elevada frequência de micronúcleos em anêmicos foi atribuída ao estresse oxidativo, ao déficit nutricional ou a outras condições predisponentes como a etiologia genética da anemia ou a presença de doença crônica.

  6. Técnicas para la detección de apoptosis y senescencia celular in vitro y su importancia en biotecnología de la salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio Martínez Salazar

    2009-07-01

    Full Text Available Se presenta una revisión bibliográfica sobre las principales técnicas de detección de los niveles de apoptosis y senescencia celular para aplicación en cultivo de células animales y humanas, dada la importancia de establecer la metodología más adecuada para su implementación en investigación biológica y biomédica que usa este tipo de células como medios de diagnóstico, experimentación y obtención de alternativas terapéuticas. Existe la necesidad de aplicar técnicas estandarizadas para evaluación y monitoreo del cultivo de células ya que esto garantiza la calidad del mismo cuando este tiene aplicación en el campo clínico. La apoptosis y la senescencia celular se perfilan como parámetros biológicos idóneos para esta valoración. La apoptosis se considera una forma de muerte celular que, a diferencia de la necrosis, es ordenada, programada y dependiente de energía, que implica la activación de un grupo de enzimas proteolíticas denominadas caspasas y una cascada molecular intracelular hasta la desaparición completa de la célula. La senescencia celular se define como la pérdida irreversible de la capacidad proliferativa de la célula que al mismo tiempo se encuentra en un estado metabólicamente activo. Se muestra una comparación entre las técnicas de detección de estos fenómenos y, finalmente, se enfatiza en la opción de implementar multiensayos para una determinación más sensible y rigurosa de apoptosis y senescencia celular in vitro.

  7. Gametogênese e dinâmica da reprodução de Anodontites trapesialis (Lamarck (Unionoida, Mycetopodidae no lago Baía do Poço, planície de inundação do rio Cuiabá, Mato Grosso, Brasil Gametogenesis and dynamics of the reproduction of Anodontites trapesialis (Lamarck (Unionoida, Mycetopodidae from Baia do Poço Lake at the Cuiabá River wetland, Mato Grosso, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia T. Callil

    2007-01-01

    Full Text Available O ciclo reprodutivo de Anodontites trapesialis foi estudado entre os meses de maio de 1998 a abril de 1999. Análises quantitativas dos elementos celulares revelaram que a espécie é exclusivamente hermafrodita com folículos masculinos e femininos separados. A gametogênese é contínua com picos de maturação e eliminação de gametas durante a estação seca. A ovogênese tem seu período de maturação máxima em abril e maio, momento em que óvulos maduros são observados preenchendo os folículos e gonoductos. A espermatogênese foi reconhecida por uma fase proliferativa com células em desenvolvimento e apresentou seu período de maturação entre abril e julho. Estas células se diferenciaram dando origem às mórulas espermáticas e espermatozóides livres, organizando a série espermática radial. Durante o período de liberação dos gametas, a maioria dos folículos apresentou agregados de espematozóides formando esferas espermáticas as "spermballs", as quais caracterizam a espécie como espermatozeugmata.The reproductive cycle of Anodontites trapesialiswas studied from May 1998 to April 1999. Quantitative analysis of the sexual cycle revealed that the species is exclusively hermaphrodite with separate male and female follicles. Gametogenesis is continuous with peaks of maturation and elimination of gametes during dry season. The period of maximum maturation of the oogenesis was in April and May, when mature oocytes were observed filling the follicles and gonoducts. Spermatogenesis was recognized by a proliferation phase with developing cells with period of maturation since April to July. These cells started to differentiate giving origin to spermatic morulae and free spermatozoa organizing the radial spermatic series. During the period of discharge of the gamets, the majority of follicles presented aggregates of spermatozoa forming the spermballs, which characterize the species as spermatozeugmata.

  8. Climateric: fatigue or third stage of the general adaptation syndrome Climaterio: fatiga o tercera etapa del síndrome de adaptación general

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Alvarez Gaviria

    2004-09-01

    Full Text Available The origin of climacteric has been subject of debate. Most opinions agree in that it arises exclusively from natural selection. In this paper the author argues that, besides this reason there is another, even more important; for him, climacteric is the final response to fatigue or the third stage of the general adaptation syndrome, just as in elderly people there is a loss of the capacity of proliferation of fibroblasts and lack of response to insulin. From a genetic point of view, this corresponds to an antagonic pleiotropy: the genetic program that has made the human adrenergic and corticotropic systems hyperactive, has also caused that they do not reach senescence intact. High concentrations of stress hormones during youth and adulthood in humans, as compared to chimpanzees, gorillas and orangutans, and the hormonal cascade reactions elicited by them are meaningfully related to our most conspicuous illnesses, our genotype/phenotype and, in the long term, with climacteric. Se ha conjeturado a menudo sobre las razones del climaterio y la mayoría de los autores sostiene que es un fenómeno que surge exclusivamente de la selección natural. Aquí asumimos que, aunque esa sea parte de la explicación, no es la razón primordial. Así como con la edad se da la pérdida, por ejemplo, de la capacidad proliferativa de los fibroblastos y de la sensibilidad a la insulina, el climaterio podría corresponder no más que a la fatiga o tercera etapa del Síndrome de Adaptación General. En un enfoque genético correspondería, pues, a una pleiotropía antagónica: el programa genético que ha hecho hiperactivos a los sistemas adrenérgico y corticotrópico del ser humano, evitaría también que llegara incólume al punto final de senescencia. Las altas concentraciones de hormonas de estrés en la juventud y la edad adulta que distinguen a nuestra especie, comparada con el chimpancé, el gorila y el orangután, y las reacciones hormonales en cascada que

  9. Análise dos transcritos da translocação t(9;22 em Leucemia Mielóide Crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barboza Luciana P.

    2000-01-01

    Full Text Available A leucemia mielóide crônica é uma doença proliferativa do sistema hematopoiético, caracterizada pela expansão clonal de uma célula tronco primitiva e pluripotente denominada "stem cell", que tem a capacidade de se diferenciar em células mielóides, monocíticas, megacariocíticas e células B e T. Em homeostase, existe um equilíbrio entre proliferação, diferenciação e renovação das células tronco, equilíbrio este que se encontra alterado em pacientes com Leucemia mielóide crônica, devido a uma proliferação e diferenciação aumentada e anormal relacionada à atividade de tirosino quinase do produto do gene quimérico BCR/ABL resultante da translocação t(9;22, que se apresenta como marcador da doença. Vários transcritos quiméricos têm sido descritos e acredita-se que a gravidade do quadro clínico dependa do tipo de mRNA gerado. No presente trabalho analisamos 28 amostras de 27 pacientes diagnosticados com Leucemia mielóide crônica. Todos possuíam a translocação t(9;22 e foram analisados para a presença dos transcritos resultantes das fusões b3a2 ou b2a2 por RT-PCR e Nested-PCR, técnicas que se mostraram mais sensíveis para a identificação dos transcritos. Entre os pacientes, 12% apresentaram fusão b3a2, 18% possuíam fusão b2a2 e 32% possuíam os dois tipos de transcritos. A presença de um dos tipos de transcritos, b3a2, parece estar relacionada com contagem de plaquetas acima de 1 milhão/mm³ , reconhecida como característica de mau prognóstico em pacientes com Leucemia mielóide crônica.

  10. Effects of the application of Aloe vera (L. and microcurrent on the healing of wounds surgically induced in Wistar rats Efeitos da aplicação de Aloe vera (L. e microcorrente no reparo de lesões cirúrgicas induzidas em ratos Wistar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Cruz Franchini

    2009-04-01

    ção de Aloe vera o processo de reparo foi acelerado em relação ao controle. Os animais do grupo tratado somente com microcorrente e do grupo tratado com microcorrente associada à Aloe vera apresentaram uma fase proliferativa mais precoce quando comparados com o grupo controle e tratado somente com Aloe vera. Os dados morfométricos confirmaram os achados estruturais. CONCLUSÃO: A aplicação simultânea do gel de Aloe vera e microcorrente é uma excelente escolha para o tratamento de feridas abertas indicando uma ação sinérgica dessas duas aplicações.

  11. Avaliação dos fatores associados a infecções recorrentes e/ou graves em pacientes com síndrome de Down

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribeiro Luciana M.A.

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar as características epidemiológicas, clínicas e laboratoriais de pacientes com síndrome de Down e infecções recorrentes e/ou graves, bem como avaliar a presença de imunodeficiência nesta população. MÉTODOS: foram avaliados, através de protocolo epidemiológico, clínico e laboratorial, incluindo aspectos imunológicos, pacientes com diagnóstico de síndrome de Down, através de estudo cromossômico, com queixa de infecções recorrentes e/ou graves, acompanhados no Ambulatório de Alergia e Imunologia do Departamento de Pediatria da FMUSP, no período de 1990 a 1999. RESULTADOS: a distribuição entre sexos foi 1,6M : 1F, com idade variando entre um ano e 12 anos e 10 meses (média de 2a7m. Do total de 45 casos avaliados, 40 referiam infecções recorrentes, e cinco, sepse. Dos pacientes com infecções recorrentes, 31 preenchiam os critérios adotados de infecção de repetição, sendo as pneumonias e as rinofaringites as infecções mais referidas. Cardiopatias foram encontradas em 62,2% dos casos, sendo mais prevalentes nas crianças com pneumonias de repetição. Quanto aos parâmetros imunológicos, encontrou-se dois casos com deficiência de IgG2, dois com baixo número de linfócitos CD4+, e outros dois com redução de resposta proliferativa a mitógenos. Cinco casos apresentaram redução da atividade de células NK. Soropositividade para citomegalovírus foi encontrada em 22 de 36 casos avaliados (61,1%. CONCLUSÃO: embora os dados aqui relatados sejam específicos para esta população, ressaltam a necessidade da pesquisa de imunodeficiência em pacientes com síndrome de Down que mantenham processos infecciosos após o adequado controle das patologias associadas.

  12. A telomerase em células-tronco hematopoéticas Telomerase in hematopoietic stem cells

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Perini

    2008-02-01

    Full Text Available A proliferação das células-tronco hematopoéticas sofre a perda dos telômeros a cada divisão celular. Alguns autores discordam quanto à perda ou não do potencial proliferativo e capacidade de auto-renovação das células mais diferenciadas. Revisaremos aqui o papel da telomerase na biologia do sistema hematopoético, na diferenciação normal ou maligna, assim como no envelhecimento das células-tronco hematopoéticas. A constante renovação celular requerida pela hematopoese confere às células-tronco embrionárias, assim como à maioria das células tumorais, um aumento da capacidade proliferativa marcada pela detecção da enzima telomerase e possível manutenção dos telômeros. Estudos clínicos se farão necessários para esclarecer melhor a atividade da telomerase em células-tronco hematopoéticas, seu possível uso como marcador de diagnóstico e seu uso a fim de propósitos prognósticos.Hematopoietic stem cell proliferation leads to telomere length decreases at each cellular division. Some authors disagree about the telomere influence on the reduction of the proliferative potential and capacity of self renewal. Here we review telomerase function in the biology of the hematopoietic system, in normal or differentiation and its influence on the ageing of hematopoietic stem cells. The constant cellular renewal required to maintain the hematopoietic system, provides embryonic stem cells, as well as malignant cells, an increased proliferative capacity. This is marked by the detection of telomerase enzyme activity and possible telomere maintenance. Clinical trials will be required to clarify telomerase activity in hematopoietic stem cells, its possible use as a diagnostic marker and its use for prognostic purposes.

  13. Retinopatia diabética: estudo de uma associação de diabéticos Diabetic retinopathy: study from a Diabetic Association

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvia Regina Ramos

    1999-12-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prevalência de retinopatia diabética (RD em uma associação de diabéticos, bem como o nível de informação dos pacientes a respeito desta doença. Métodos: O estudo avaliou, aleatoriamente, 46 pacientes de uma associação de diabéticos que responderam a perguntas sobre conhecimento da RD e avaliação oftalmoscópica prévia e foram submetidos à exame de fundo de olho por oftalmoscopia binocular indireta. Resultados: Entre os diabéticos tipo 1, o estudo encontrou 44,44% dos pacientes com RD e um caso de RD proliferativa; entre os diabéticos tipo 2, 24,3% possuíam RD; 65,22% dos indivíduos avaliados nunca haviam feito exame de oftalmoscopia, embora 80,43% já haviam tido alguma informação sobre RD. Conclusões: Concluímos que há baixa cobertura em termos de prevenção e detecção da RD nesta associação de diabéticos, o que contrasta com o nível de informação dos pacientes sobre a doença e com o fato de ser uma entidade voltada exclusivamente para o tratamento do diabete.Purpose: To evaluate the prevalence of diabetic retinopathy (DR in a diabetic association, as well the level of knowledge about the entity among patients. Methods: This study included 46 patients, at random, from a diabetic association that answered questions about DR and previous ophthalmoscopic examination. Then, they were submitted to indirect ophthalmoscopic evaluation. Results: Among type 1 diabetic patients, the study found 44.44% of patients with DR and one case of proliferative retinopathy; among type 2, 24.3% of pacients with DR; 65.22% of the total had never been submitted to ophthalmoscopic examination, although 80.43% had already received some information about DR. Conclusions: This study shows that there is low coverage of preventive and detection examinations for DR in this diabetic association, which contrasts with the acceptable level of the patients knowledge, besides being an association directed only to diabetic

  14. Células-tronco em odontologia Stem cells in Dentistry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Prates Soares

    2007-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: existe um grande interesse no desenvolvimento de técnicas para a manipulação de células-tronco, no intuito de instituirem-se tratamentos restauradores de tecidos e órgãos. Para que a bioengenharia seja eficaz, faz-se necessária a presença de três fatores: as próprias células-tronco, uma matriz extracelular e fatores de crescimento. Existem inúmeros fatores de crescimento envolvidos no desenvolvimento do órgão dentário. Por isso pesquisadores ainda não foram capazes de formar um órgão completo, embora existam diversos estudos evidenciando a formação de esmalte e dentina a partir de células-tronco isoladas da polpa dentária. Recentemente, também foram isoladas células-tronco da polpa dos dentes decíduos. Sabe-se que estas células são altamente proliferativas, sendo de grande importância para o cirurgião-dentista o conhecimento do seu comportamento biológico e técnicas de obtenção. OBJETIVO: este estudo teve como objetivo realizar uma revisão de literatura acerca das atuais tendências das pesquisas com células-tronco na Odontologia, além de discorrer sobre os fatores implicados para o sucesso na utilização prática dessas células.INTRODUCTION: there is great interest in developing techniques for manipulation of stem cells for the use in restoring organs and tissues. The effectiveness of bioengineering is based on the existence of stem cells, an extra cellular matrix and growth factors. Innumerous growth factors are involved in the development of dental organs, and this complexity of factors makes it extremely difficult to grow a complete organ, even though there are multiple essays reporting the formation of enamel and dentin from isolated stem cell, originating from dental pulp tissues. More recently, deciduous teeth have been used to extract stem cells from their pulp tissues. We know that these cells are highly proliferate. The recognition of the biological behavior of these cells and

  15. Doença trofoblástica gestacional recorrente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Belfort Paulo

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: estudar a freqüência da neoplasia trofoblástica gestacional recorrente e analisar se a evolução e o desfecho do episódio de repetição acarretam agravado risco, assim de invasão como de malignização, e se há necessidade de maior número de ciclos de quimioterapia e regimes mais agressivos. MÉTODOS: vinte e nove pacientes com mola hidatiforme recorrente foram acompanhadas e eventualmente tratadas no Centro de Neoplasia Trofoblástica Gestacional da 33ª Enfermaria da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro, entre 1960 e 2001, representando incidência de 1,2% (29/2262. Foram revisados os prontuários médicos para determinar a idade das pacientes, o número de gravidezes, paridade, apresentação clínica e quimioterapia, caso tenha sido realizada. Um total de cinqüenta e oito episódios de neoplasia trofoblástica ocorreram nas 29 pacientes. Todos os casos tiveram comprovação histopatológica. Os cálculos estatísticos foram feitos mediante o teste de chi superscript two com correção de Yates e analisados pelo programa Epi-Info 2000, versão Windows, elaborado pelo Centro de Controle de Doenças de Atlanta, EUA. RESULTADOS: ocorreu mola invasora ou coriocarcinoma, no primeiro evento molar, em apenas uma paciente (1/29 - 3,4%; invasão ou malignização, entretanto, manifestou-se no segundo evento em sete pacientes (7/29 - 24,1% [RR: 8,9; IC 95% 1,5-41; p<0,05]. CONCLUSÃO: a gravidez molar recorrente cursa com agravamento histológico e aumento na incidência de seqüela trofoblástica proliferativa, exigindo quimioterapia mais freqüente e agressiva para induzir remissão.

  16. Granuloma central de células gigantes Giant cells central granuloma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayelén María Portelles Massó

    2011-03-01

    Full Text Available El granuloma reparativo central de células gigantes es una lesión proliferativa no neoplásica de etiología desconocida. Se presenta un paciente masculino de 40 años de edad, portador de prótesis parcial superior. Fue remitido al Servicio de Cirugía Maxilofacial del Hospital "V. I. Lenin" por presentar aumento de volumen en reborde alveolar superior, de color rojo grisáceo y que provocaba expansión de corticales óseas. Una vez analizados los exámenes clínicos, radiográficos e histopatológicos se diagnosticó un granuloma reparativo central de células gigantes Se realizó exéresis quirúrgica de la lesión y extracción de dientes adyacentes con una evolución satisfactoria sin señales de recidivas luego de tres años del tratamiento. El granuloma reparativo central de células gigantes se presentó como respuesta a un trauma. La correcta interpretación de los datos clínicos, radiográficos e histopatológicos nos permitió llegar al correcto diagnóstico y plan de tratamiento.Giant-cell central reparative granuloma is non neoplastic proliferative lesion of unknown etiology. We report a 40 years old male patient who was admitted at the Maxillofacial Service of the "V. I. Lenin" Hospital. The patient had partial upper prosthesis and was complaining of red-grey volume increase lesion in upper alveolar ridge which led to the expansion of cortical bone. Having analyzed clinical, radiographic and histopathological findings the case was concluded as a giant-cell central reparative granuloma. Surgical exeresis and adjunct tooth extraction were done. After three years of treatment, satisfactory follow up without recurrence is reported.

  17. Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Silva Rigo

    2013-04-01

    Full Text Available Visceral leishmaniasis affects various organs including the kidneys; which can lead to renal failure and death. In order to verify this renal involvement, material was evaluated from 100 dogs naturally infected and with serological diagnosis of canine visceral leishmaniasis (CVL. Inflammatory changes were present in 25.3% of the tubules, in 67.0% of interstitium and in 52.0% of glomeruli. There was no significant difference (p > 0.05 between the presence of glomerulonephritis in symptomatic and oligosymptomatic dogs. The membranous and membranoproliferative glomerulonephritis were the most frequent, both with 18.0% frequency, followed by focal segmental glomerulosclerosis with 14.0%. Changes such as cylindruria, tubular and fibrosis hypertrophy, periglomerular inflammatory infiltrate, and multifocal and diffuse peritubular inflammatory infiltrate were observed. The findings are consistent with those of other authors indicating that renal involvement is common in CVL and the standards of membranous and membranoploriferative glomerulonephritis, as well as the tubulointerstitial involvement, are frequent.A leishmaniose visceral acomete vários órgãos entre eles os rins; o que pode levar a insuficiência renal e a morte. Com o objetivo de verificar este acometimento renal foram avaliados materiais de 100 cães naturalmente infectados e com diagnósticos sorológicos de leishmaniose visceral canina - LVC. As alterações inflamatórias estavam presentes em 25,3% dos túbulos, em 67,0% do interstício e em 52,0% dos glomérulos. Não houve diferença significativa (p > 0,05 entre a presença de glomerulonefrite em cães sintomáticos e oligossintomáticos. As glomerulonefrites membranosa e membrano proliferativa foram as mais freqüentes, ambas com 18,0% de freqüência seguidas da glomeruloesclerose segmentar e focal com 14,0%. Foram observadas alterações como cilindrúria, hipertrofia tubular e fibrose e infiltrados inflamat

  18. Malignant thymomas – The experience of the Portuguese Oncological Institute, Porto, and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berta Sousa

    2007-07-01

    ; 6 radiotherapy (4 B3-II patients, 2 B3-III patients, 2 chemotherapy (AB-IVa and 2 chemo and radiotherapy (B1-IVa, B2-III. Only the 2 patients who underwent adjuvant chemotherapy relapsed, at 168 and 46 months, dying at 168 and 49 months, respectively. The remaining patients who were given adjuvant treatment did not present signs of disease. Of the 5 subjects having incomplete resection followed by complementary treatment (2 AB-III patients, 2 B1-IVa patients, 1 B3-III patient, 3 died, at 11 months (B3-III, 12 months (B1-IVa and 241 months (AB-III, the latter with MG. Conclusions: Predictive factors of bad prognosis here were incomplete resection, advanced staging and B3 histological subtype, the smallness of this series notwithstanding. It is necessary to investigate the role of adjuvant and neoadjuvant treatment in a group of subjects with advanced disease of the B3 histological subtype. Resumo: Introdução: Os tumores epiteliais tímicos (TET, a maioria timomas, são neoplasias desenvolvidas a partir das células epiteliais do timo e constituem cerca de 30% das massas do mediastino anterior em adultos. Os timomas são constituídos por células sem características citológicas de malignidade, sendo o comportamento maligno determinado pela invasão da cápsula e estruturas adjacentes. Estes tumores apresentam um amplo espectro de características clínicas e morfológicas, e as pequenas séries de doentes conhecidas tornam difícil o estabelecimento de um tratamento standard. Material e métodos: Efectuou-se um estudo retrospectivo dos doentes admitidos com diagnóstico de timoma no Instituto Português de Oncologia - Centro do Porto (IPO-Porto, de 1983 a 2004. Foram analisadas as suas características clínicas, classificação histológica segundo a OMS, o estadiamento de Masaoka, e a sua relação com as modalidades de tratamento. Procedeuse à revisão dos registos clínicos destes doentes e revis

  19. Os efeitos da música em biomarcadores de estresse, imunológicos e comportamentais em portadores do espectro autista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliane Neves Fiorezi

    2018-02-01

    Full Text Available Resumo: A utilização da Musicoterapia em portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA teve início na década de 60 e mostrou promover benefícios, tais como: diminuição de crises comportamentais, diminuição de resistência ao tratamento, melhora nos relacionamentos interpessoais, aquisição de liberdade expressiva, aquisição da melhora vocal, melhora na comunicação, aquisição de confiança verbal e vocal, aquisição de ordem rítmica e melhora na produção da fala e mutualidade (BRANDALISE, 2013. Objetivo: embora os resultados em nível comunicacional sejam de amplo conhecimento e na busca por compreender o impacto da música nos biomarcadores imunológicos e de estresse nesses indivíduos, o presente artigo tem por objetivo apresentar uma breve revisão dos estudos recentes acerca dessa temática. Método: Foram utilizadas ferramentas de busca nas bases de dados PubMed, Lilacs, Cochrane e Scielo. A busca foi realizada em artigos publicados em português e inglês, por meio dos descritores “imunoglobulina”, “cortisol salivar”, “dano celular” e “autismo”. Resultado: por meio da pesquisa foi possível constatar a influência da música como um meio complementar no cuidado de portadores do TEA, enquanto instrumento de promoção da saúde e melhoria de qualidade de vida desses indivíduos. Considerações finais: Embora os estudos apontem os benefícios da música em portadores do TEA, sugere-se que sejam realizadas mais pesquisas nesse campo, sobretudo no Brasil. Portanto, o presente artigo se propõe como base teórica para uma posterior pesquisa-intervenção a fim de verificar os possíveis efeitos provocados por diferentes tipos de escuta musical sobre os indicadores de cortisol salivar, imunoglobulina A e dano celular de células epiteliais, bem como nos aspectos comportamentais, em crianças portadoras do Transtorno do Espectro Autista. A segunda fase da pesquisa já está em desenvolvimento, por meio do

  20. Efeito do estradiol e da progesterona no desenvolvimento e na qualidade de embriões bovinos produzidos in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.N Reis

    2010-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desenvolvimento e a qualidade de embriões bovinos, cocultivados com células epiteliais do oviduto bovino (CEOBs expostas ou não ao estradiol e à progesterona. Os ovócitos foram maturados in vitro por 24h e, então, fertilizados utilizando-se sêmen congelado, em estufa de CO2 a 5% e 38,5ºC. As CEOBs foram cultivadas em TCM-199 com ou sem estradiol (E2 (24 horas, nas mesmas condições da maturação e fertilização in vitro (MIV e FIV, e, em seguida, adicionadas aos diferentes grupos em CR2 com ou sem progesterona (P4 (G1=P4+E2; (G2=E2; (G3=P4 e (G4=controle. Após 18h da FIV, as células foram cultivadas nos diferentes sistemas. Nenhuma diferença (P>0,05 foi observada nas taxas de clivagem entre G1, G2 e G4 (53,5%; 56,3%; 51,7% e nos padrões de blastocistos (BLs (29,3%; 31,2%, 28,7%. Índices menores (P<0,05 foram obtidos no G3 para ambas as variáveis (34,5%; 16,4%. G1 e G2 apresentaram taxas de eclosão maiores (P<0,05 que os outros grupos (23,3%; 23,2%, sendo G4 (19,3% diferente de G3 (16,1%. Em G1, G2 e G3, o número de células nos BLs aumentou 125,9; 128,4 e 123,6, respectivamente (P<0,05, em relação ao G4 (112,5. Conclui-se que o tratamento das CEOBs com o E2, nas primeiras 24 horas de cultivo, pode ser usado isoladamente ou em combinação com a progesterona, a fim de melhorar a qualidade de embriões bovinos produzidos in vitro

  1. Aspectos ultraestruturais do processo de divisão do Toxoplasma gondii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wanderley de Souza

    1974-02-01

    Full Text Available Neste trabalho é feita uma revisão sobre alguns aspectos biológicos do Toxoplasma gondii, principalmente sobre a ultraestrutura da forma interfásica e as modificações ultraestruturais que ocorrem no parasito durante o seu processo de divisão. Considera-se inicialmente o processo de divisão binária admitindo-se, porém, a possibilidade de que as imagens interpretadas como senão de divisão binária representem estágios da divisão por endodiogenia. Quanto à endodiogenia descrevem-se as alterações que ocorrem na "parasito mãe" durante o processo de formação dos dois "parasitos filhos". Este processo é semelhante no Toxoplasma gondii, Besnoitia jellisoni, Sarcocystis tenella e Frenkelia. Discute-se a possibilidade da formação de mais de dois "parasitos filhos" por um processo de endopoligenia, bem como o processo de esquizogonia. Os resultados mais recentes mostram que não existe esquizogonia nas formas vsgetativas do Toxoplasma gondii, senão que as imagens interpretadas como tal, ao microscópio ótico, são o resultado de endodiogenias sucessivas em que os endozoitas formados permanecem ligados entre si pela região posterior. A esquizogonia é, no entanto, encontrada nas formas que se desenvolvem no interior de células epiteliais do intestino do gato, que é o hospedeiro definitivo do Toxoplasma gondii. Discute-se o conceito de esquizogonia, comparando-o em três protozoários: Eimeria bovis, E. callospermophili e Plasmodium juxtanucleare, que apresentam diferenças entre si quanto ao processo de iniciação da individualização dos "parasitos filhos". Refere-se à recente hipótese que considera a endodiogenia como o processo fundamental de divisão dos esporozoárlos, ocorrendo na fase final da esquizogonia. Finalmente é acentuado o papel que a microscopia eletrônica aliada às modernas técnicas de citoquímica e imunocitoquimica poderá desempenhar no sentido de um melhor conhecimento da biologia do Toxoplasma

  2. Células glandulares atípicas em esfregaços cervicovaginais: significância e aspectos atuais Atypical glandular cells in cervical smears: significance and current aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bittencourt Campaner

    2007-02-01

    Full Text Available Células glandulares atípicas (AGC em esfregaços cervicovaginais são achados citológicos raros, porém de significado representativo. Sua incidência varia, na literatura, de 0,08% a 0,81%. O sistema Bethesda de 2001 classifica estas lesões glandulares como AGCs sem outras especificações, AGCs provavelmente neoplásicas, adenocarcinoma cervical in situ (AIS e adenocarcinoma invasivo. Das mulheres portadoras de AGC, grande parte não apresentará qualquer tipo de alteração histológica em avaliação subseqüente. Entretanto, em 17,4% a 62,2% dos casos serão encontradas lesões histológicas significativas, como neoplasias intra-epiteliais cervicais, AIS, neoplasias escamosas e glandulares, cervicais e endometriais, bem como neoplasias de outras localizações. O risco de doença significativa está relacionado à subdivisão de AGC encontrada. Em virtude da elevada probabilidade de anormalidades histológicas significativas em casos de AGC, a simples repetição citológica é insuficiente para o seguimento dessa condição. Esta atualização descreve a epidemiologia, a avaliação e a conduta das pacientes portadoras dessa anormalidade citológica.Atypical glandular cells (AGC on cervical smears are unusual but important cytologic diagnosis. The incidence of AGC ranges from 0.08% to 0.81 % of all cervical smears tests. The 2001 Bethesda System nomenclature classifies these glandular lesions as AGC not otherwise specified, AGC favor neoplasia, endocervical adenocarcinoma in situ (AIS and invasive adenocarcinoma. Of women with AGC smears, a great number will have no histologic abnormalities on further evaluation. However, 17.4% to 62.2% are found to have significant histologic lesions such as cervical intraepithelial neoplasia, AIS, squamous and glandular cancers from sites farther the cervix and endometrium. The risk of significant disease is related to the AGC subclassification that was found. Because of the high likelihood that AGC

  3. Influência do formato da desepitelização corneana sobre a acuidade visual no pós-operatório da ceratectomia fotorrefrativa (PRK

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Yumi Sugahara Harada

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar se a modificação no formato da desepitelização corneana na ceratectomia fotorrefrativa (PRK, de circular para oval, modifica a recuperação da acuidade visual (AV no pós-operatório. Métodos: Foram avaliados prospectivamente 43 pacientes submetidos ao PRK bilateral e simultâneo. De forma randomizada em cada paciente, um olho foi desepitelizado no formato circular e o outro no formato oval. No sexto dia de pós-operatório (D6 foram registradas a percepção subjetiva pelo paciente da qualidade de visão comparativa entre os olhos, a AV objetiva monocular e o aspecto do empilhamento epitelial corneano. Resultados: Em relação à percepção subjetiva da qualidade de visão, observou-se que 48,8% dos pacientes não perceberam diferença entre os olhos e 51,2% perceberam diferença (41,9% referiram melhor qualidade de visão no olho da desepitelização oval e 9,3% referiram melhor visão no olho da desepitelização circular. Em relação à AV (Snellen, a média na desepitelização oval, de 0,62, foi significativamente superior (p<0,001 que na circular, de 0,53. Quanto ao empilhamento epitelial, em 64,3% houve menor densidade do empilhamento nos olhos submetidos à desepitelização oval, em 31,0% não foi identificada diferença e em 4,8% dos olhos submetidos à desepitelização oval o empilhamento foi maior. Tais resultados se devem ao fato de que na desepitelização oval as células epiteliais provêm de bordas não equidistantes do centro da córnea e percorrem uma área menor, determinando um empilhamento epitelial central mais suave. Conclusão: Verificou-se que a modificação no formato da desepitelização corneana no PRK para oval, determinou uma significativa melhora da recuperação da AV.

  4. Aspectos Morfológicos e Morfométricos do Colo Uterino de Ratas Ooforectomizadas após Aplicação de Óleo de Copaíba Morphological and Morphometric Aspects of the Uterine Cervix in Oophorectomized Rats after Copaíba Oil Application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nara Macedo Botelho Brito

    2000-09-01

    Full Text Available Objetivos: verificar o efeito do óleo de copaíba no colo uterino de ratas ooforectomizadas. Métodos: foram utilizadas 120 ratas adultas distribuídas em 4 grupos: as que receberam aplicação de óleo de copaíba, óleo de milho, água e um grupo sem tratamento. Todos os animais foram submetidos a ooforectomia bilateral e posteriormente mantidos em gaiolas por um período de 20 dias antes de iniciar a aplicação das substâncias. Estas foram administradas via vaginal na dose de 0,3 ml, diariamente, uma vez ao dia até os dias determinados para o sacrifício (7º, 14º e 21º, sendo sacrificados de cada grupo 5 animais por dia. Resultados: todos os animais do grupo copaíba apresentaram epitélio exuberante, estratificado pavimentoso queratinizado, em torno de 10 fileiras de células epiteliais, e lâmina própria com tecido conjuntivo denso, rico em fibroblastos, fibras colágenas, inúmeros vasos sanguíneos e alguns leucócitos. Conclusões: o óleo de copaíba utilizado neste modelo experimental promoveu espessamento do epitélio do colo uterino, que se apresentava pavimentoso estratificado com queratinização, além do espessamento progressivo deste epitélio no decorrer dos dias de estudo.Purpose: to study the effect of copaíba oil on the uterine cervix of oophorectomized rats. Method: 120 female adults were used, divided into four groups: control, water, corn oil and copaíba oil. All animals were submitted to bilateral oophorectomy, and kept in cages for twenty days before applying the substances. These substances were applied by vaginal route at a dose of 0.3 ml, once a day until the predetermined day of sacrifice (7, 14 e 21 days. Results: the animals from the copaíba oil group showed on all days of the study exuberant, keratinous stratified squamous epithelium with about 10 epithelial cell layers and the chorion with conjunctive tissue, fibroblasts, collagen fibers, blood vessels and some leukocytes. Conclusions: The copa

  5. Isolamento e caracterização do vírus da influenza pandêmico H1N1 em suínos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Schaefer

    2011-09-01

    Full Text Available A infecção causada pelo vírus Influenza A (IAV é endêmica em suínos no mundo inteiro. O surgimento da pandemia de influenza humana pelo vírus A/H1N1 (pH1N1 em 2009 levantou dúvidas sobre a ocorrência deste vírus em suínos no Brasil. Durante o desenvolvimento de um projeto de pesquisa do vírus de influenza suína em 2009-2010, na Embrapa Suínos e Aves (CNPSA, foi detectado em um rebanho de suínos em Santa Catarina, Brasil, um surto de influenza altamente transmissível causado pelo subtipo viral H1N1. Este vírus causou uma doença leve em suínos em crescimento e em fêmeas adultas, sem mortalidade. Tres leitões clinicamente afetados foram eutanasiados. As lesões macroscópicas incluiam consolidação leve a moderada das áreas cranioventrais do pulmão. Microscopicamente, as lesões foram caracterizadas por bronquiolite necrosante obliterativa e pneumonia broncointersticial. A imunohistoquímica, utilizando um anticorpo monoclonal contra a nucleoproteína do vírus influenza A, revelou marcação positiva no núcleo das células epiteliais bronquiolares. O tecido pulmonar de três leitões e os suabes nasais de cinco fêmeas e quatro leitões foram positivos para influenza A pela RT-PCR. O vírus influenza foi isolado de um pulmão, mais tarde sendo confirmado pelo teste de hemaglutinação (título HA 1:128 e por RT-PCR. A análise das seqüências de nucleotídeos dos genes da hemaglutinina (HA e proteína da matriz (M revelou que o vírus isolado foi consistente com o vírus pandêmico A/H1N1/2009 que circulou em humanos no mesmo período. Este é o primeiro relato de um surto de influenza causado pelo vírus pandêmico A/H1N1 em suínos no Brasil.

  6. Cistadenocarcinoma renal e dermatofibrose nodular em cães pastor alemão: 4 casos Renal cystadenocarcinoma and nodular dermatofibrosis in german shepherd dogs: 4 cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingeborg Maria Langohr

    2002-08-01

    Full Text Available São descritos quatro casos da síndrome cistadenocarcinoma renal-dermatofibrose nodular em Pastor Alemão. Todos eram cães machos, com idades entre 6 e 10 anos. Os aspectos clínicos incluíam hematúria e retenção urinária, emagrecimento progressivo, anorexia, vômito, polidipsia e dificuldade respiratória. Em um animal, foram observados múltiplos nódulos recidivantes na pele. Três cães tiveram morte espontânea e um foi submetido à eutanásia. Os principais achados de necropsia incluíram nódulos multifocais ou coalescentes na pele e múltiplos nódulos, muitas vezes císticos, em ambos os rins. Na avaliação histológica, observaram-se dermatofibrose nodular na pele e cistos, hiperplasia, displasia e neoplasia de células epiteliais dos túbulos renais. As neoplasias foram classificadas como cistadenoma em um dos casos e como cistadenocarcinoma nos outros três. Metástases foram observadas em dois casos: no fígado, no baço e no pulmão em um cão e no linfonodo renal em outro.Renal cystadenocarcinoma-nodular dermatofibrosis syndrome of German shepherd are described in four 6 to 10-year-old male dogs. Clinical findings included hematuria and urinary retention, progressive weight loss, polydipsia, anorexia, vomiting, and respiratory distress. Several recurrent skin nodules were observed in one of the dogs. Three dogs died spontaneously and one was euthanatized. Main gross findings included multifocal to coalescent skin nodules and multiple nodules, mostly cystic, in both kidneys. Microscopically there was nodular dermatofibrosis in the skin and renal cysts, dysplastic, hyperplastic and neoplastic changes of the renal tubular epithelium. The neoplasms were classified as cystadenoma in one case and cystadenocarcinoma in the other three. There were metastases in the liver, spleen and lung of one dog and in the renal lymph node in another one.

  7. Perfil citológico pulmonar de bezerros sadios nos três primeiros meses de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael S. Vianna

    2016-05-01

    Full Text Available Resumo: A citologia é um importante exame complementar utilizado para a detecção de alterações no perfil celular do trato respiratório e auxílio no diagnóstico de doenças. No entanto, como os primeiros meses de vida compõem o período de adaptação à vida extrauterina resultando em possíveis alterações das populações celulares, é essencial a padronização das características comuns aos animais sadios, possibilitando a identificação e análise de qualquer mudança no quadro esperado. O objetivo desta pesquisa foi caracterizar o perfil celular por citologia do lavado broncoalveolar obtido semanalmente por broncoscopia de dez bezerros durante os três primeiros meses de vida. A análise estatística foi realizada utilizando-se o software Minitab® 15.0, empregando-se o teste T pareado para as amostras paramétricas e Mann-Whitney para as amostras não paramétricas, considerando nivel de significância P≤0,05. Os resultados obtidos apontaram que o perfil celular do lavado broncoalveolar de bezerros hígidos durante os primeiros 90 dias de vida apresentou predomínio de macrófagos, com média geral de 63,17%, seguido de 33,69% de neutrófilos. Porém observou-se diminuição significativa na porcentagem de macrófagos (P=0,04 e aumento de neutrófilos (P=0,05 ao longo dos momentos, comprovada pela forte correlação negativa entre as porcentagens de macrófagos e neutrófilos ao longo dos momentos. Não houve diferença entre as porcentagens de células gigantes, células epiteliais, linfócitos, eosinófilos e basófilos durante o experimento. Apesar dos resultados serem influenciados por fatores ambientais e de manejo, os resultados dessa pesquisa fornecem subsídios para a identificação de alterações críticas que descaracterizem o perfil celular de bezerros acometidos por doenças respiratórias.

  8. Efeito de anti-inflamatórios não esteroidais na apoptose de células epidermais lamelares de equinos com laminite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A.P. Gonçalves

    2013-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da administração dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINEs cetoprofeno, fenilbutazona e flunixin meglumine sobre o índice apoptótico de células epiteliais do tecido lamelar de cavalos com laminite induzida por administração de amido. Foram empregados 20 equinos hígidos, divididos em quatro grupos experimentais (n=5: solução salina, cetoprofeno, fenilbutazona e flunixin meglumine. O tecido lamelar foi coletado por biópsia, fixado e corado pela técnica de TUNEL. À marcação positiva por essa técnica adicionou-se a avaliação morfológica celular para identificação da apoptose. Não houve diferença significativa no índice apoptótico entre os grupos tratados com anti-inflamatórios e o controle (P>0,05. Os anti-inflamatórios não interferiram sobre o índice apoptótico possivelmente porque foram administrados após a fase prodrômica da laminite e/ou porque não são eficazes em alterar a dinâmica da apoptose. Concluiu-se que a administração de anti-inflamatórios não esteroidais após a fase prodrômica da laminite não contribui para uma intervenção no curso da apoptose no tecido lamelar de cavalos com laminite quando comparados ao grupo controle não tratado. Outros estudos, com diferentes períodos de avaliação, são necessários para esclarecer os efeitos dos anti-inflamatórios não esteroidais na fisiopatologia da laminite em equinos, especialmente no que concerne à participação da apoptose.

  9. Absorção de anticorpos do colostro em bezerros: I. Estudo no intestino delgado proximal Colostral antibodies absorption in dairy calves: I. Proximal small intestine study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Bessi

    2002-11-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a morfologia e determinar a localização da enzima fosfatase ácida na região anterior do intestino delgado, do nascimento ao fechamento intestinal, foram coletadas amostras de 15 bezerros machos em três idades: ao nascer sem que houvesse a ingestão de colostro; três horas após a ingestão da primeira refeição de colostro e aos três dias de idade. Observou-se a presença de células vacuoladas do duodeno ao jejuno médio no recém-nascido, preenchidas por material absorvido após a ingestão de colostro. Foram verificadas mudanças nas características morfológicas aos três dias de idade, com o início da detecção de reação da fosfatase ácida em lisossomos, indicando ação enzimática sobre o material absorvido. A morfologia aos três dias de idade pode representar o diferente estádio de maturação das células epiteliais do intestino delgado de bezerros, indicando que o processo depende das características da primeira geração de células desta região do intestino.The objective of this study was to study the morphology and the localization of acid phosphatase at calves anterior small intestine, from birth to intestinal closure. Fifteen male dairy calves were used in this study, which were aged: unsuckled neonatal, three hours after colostrum ingestion and three days old. Vacuolated cells from duodenum to medium jejunum could be found in the newborn calf, which have shown absorbed material after colostrum ingestion. Changes at the morphological characteristics and the initiation of phosphatase acid reaction in lysosomes were observed in calves aged three days old. The three days old morphology can represent a different phase of epithelium cells maturation of calves small intestine indicating that the absorption process is dependent of the first generation of cells from this intestinal region.

  10. Fibrose cardíaca associada à intoxicação por Amorimia septentrionalis em bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel S.C. Albuquerque

    2014-05-01

    Full Text Available Amorimia septentrionalis contém monofluoracetato de sódio e quando consumida por ruminantes provoca morte súbita. Este estudo teve o objetivo de relatar a epidemiologia, os sinais clínicos e patológicos de surtos de morte súbita em bovinos provocadas por Amorimia septentrionalis nos Estados de Pernambuco e Paraíba. Para isso, realizaram-se visitas técnicas em diversas propriedades nas Microrregiões do Médio Capibaribe/PE e Itabaiana/PB. Oito bovinos foram necropsiados. Coletaram-se tecidos das cavidades abdominal e torácica, além do encéfalo e medula espinhal. As alterações clínicas consistiram em lentidão, decúbito esternal prolongado, relutância em se movimentar quando em estação, cansaço, taquipneia, taquicardia e pulso venoso positivo. Os bovinos que foram forçados a se movimentar apresentaram instabilidade, tremores musculares e queda repentina seguida de vocalizações, movimentos de pedalagem e morte súbita em cerca de 5 a 7 minutos. As principais alterações macroscópicas consistiram em edema pulmonar, coração com aspecto globular com áreas esbranquiçadas, petéquias e equimoses no epicárdio, miocárdio e músculos papilares. À microscopia observou-se aumento da eosinofilia do citoplasma dos cardiomiócitos, núcleos picnóticos, cariorrexia, cariólise, perda das estriações, edema intersticial, infiltrado inflamatório intersticial mononuclear e áreas multifocais de fibrose cardíaca. Nos rins, constatou-se degeneração hidrópico vacuolar e necrose das células epiteliais em túbulos contorcidos. Os sinais clínicos foram semelhantes aos sinais clínicos já descritos em bovinos por plantas que contém MFA. As lesões macro e microscópicas descritas no coração e rins são de grande valor diagnóstico. A. septentrionalis é a principal planta tóxica de interesse pecuário nas microrregiões do Médio Capibaribe e Itabaiana devido às perdas econômicas diretas e indiretas que provoca na pecu

  11. Alterações histológicas em brânquias de tilápia nilotica Oreochromis niloticus causadas pelo cádmio Histological alterations in gills of Nile tilapia Oreochromis niloticus caused by cadmium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Garcia-Santos

    2007-04-01

    Full Text Available Os efeitos histopatológicos do cádmio nas brânquias de tilápia Oreochromis niloticus foram estudados por microscopia óptica, usando 25mgl-1 de CdCl2 durante quatro dias, com o objetivo de identificar seus efeitos agudos na estrutura das brânquias. A morfologia geral das brânquias de O. niloticus é idêntica à de outros teleósteos, apresentando quatro pares de arcos branquiais com filamentos bem desenvolvidos. Situadas lateralmente, encontram-se as lamelas provenientes do eixo central dos filamentos. No epitélio filamentar foi possível identificar células de cloro, pavimentosas e mucosas. Os peixes expostos ao cádmio mostraram sinais de lesões epiteliais; edema intersticial, vasodilatação das lamelas, destacamento do epitélio lamelar e proliferação do epitélio filamentar. As alterações observadas também incluíram fusão nas lamelas como resultado de hiperplasia e hipertrofia epitelial, ruptura do sistema de células pilar, aneurismas e necroses.The histopathogical effects of cadmium on the gills of tilapia Oreochromis niloticus were studied by light microscopy, using 25mgl-1 of CdCl2 during four days to identified the effects of short-term exposure on gills structure. The general morphology of O. niloticus gills is similar to the other teleostean fishes, showing four pairs of gills arches with well developed filaments. Bilaterally situated, secondary lamellae branches are found from the central axis of the filaments. The filamentar epithelium showed the chloride cells, the pavement cells and mucous cells. Fish exposed to cadmium showed signs of epithelial lesion, namely the interstitial edema, swollen of the lamellae, lifting and cellular proliferation of the filamentar epithelium. The changes of the gills also included lamellar fusion as a result of epithelial hyperplasia and hypertrophy, the breakdown of pillar cell system, and aneurisms with some ruptures and necrosis, especially in the filamentar epithelium.

  12. Significado prognóstico das micrometástases nos linfonodos do carcinoma colorretal: detecção imunoistoquímica com anticorpos anticitoqueratina AE1/AE3

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Tadeu Palma

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar por imunoistoquímica eventuais micrometástases nos linfonodos regionais previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional e avaliar a influência do comprometimento destes linfonodos na sobrevivência dos doentes com carcinoma colorretal extirpado com intenção curativa. MÉTODO: Foram estudados 51 doentes portadores de carcinoma colorretal nos estádios A (13 casos e B (38 casos, segundo a classificação de Dukes. Um total de 501 linfonodos previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional foi investigado por meio de técnica imunoistoquímica com anticorpos monoclonais anticitoqueratina AE1/AE3 para identificar células epiteliais. Cada bloco previamente fixado em formalina e embebido em parafina foi seccionado em três partes, obtendo-se de cada uma delas três cortes com espessura de 4 milimícron cada. RESULTADOS: Em seis doentes (11,7% no estádio B de Dukes, células neoplásicas foram identificadas em sete linfonodos do mesocolo (1,4% previamente considerados livres de neoplasia pelo exame histopatológico convencional. Em um enfermo, a micrometástase era representada por aglomerado celular, enquanto que nos outros cinco doentes as micrometástases eram constituídas por células isoladas. A sobrevivência dos enfermos com micrometástases linfonodais foi menor do que a dos doentes com linfonodos não comprometidos, porém sem atingir diferença significativa. CONCLUSÕES: O método imunoistoquímico pode ser empregado com sucesso na detecção de células neoplásicas em linfonodos previamente considerados livres pelo exame histopatológico convencional. O acometimento dos linfonodos regionais por micrometástases não influenciou a sobrevivência dos doentes com carcinoma colorretal extirpado.

  13. Intoxicação por monofluoroacetato em animais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Assunção Nogueira

    2011-10-01

    Full Text Available O monofluoroacetato (MF ou ácido monofluoroacético é utilizado na Austrália e Nova Zelândia no controle populacional de mamíferos nativos ou exóticos. O uso desse composto é proibido no Brasil, devido ao risco de intoxicação de seres humanos e de animais, uma vez que a substância permanece estável por décadas. No Brasil casos recentes de intoxicação criminosa ou acidental têm sido registrados. MF foi identificado em diversas plantas tóxicas, cuja ingestão determina "morte súbita"; de bovinos na África do Sul, Austrália e no Brasil. O modo de ação dessa substância baseia-se na formação do fluorocitrato, seu metabólito ativo, que bloqueia competitivamente a aconitase e o ciclo de Krebs, o que reduz produção de ATP. As espécies animais têm sido classificadas nas quatro Categorias em função do efeito provocado por MF: (I no coração, (II no sistema nervoso central (III sobre o coração e sistema nervoso central ou (IV com sintomatologia atípica. Neste trabalho, apresenta-se uma revisão crítica atualizada sobre essa substância. O diagnóstico da intoxicação por MF é realizado pelo histórico de ingestão do tóxico, pelos achados clínicos e confirmado por exame toxicológico. Uma forma peculiar de degeneração hidrópico-vacuolar das células epiteliais dos túbulos uriníferos contorcidos distais tem sido considerada como característica dessa intoxicação em algumas espécies. O tratamento da intoxicação por MF é um desafio, pois ainda não se conhece um agente capaz de reverte-la de maneira eficaz; o desfecho geralmente é fatal

  14. Optimization of methods to assess mitochondrial DNA in archival paraffin-embedded tissues from mammary canine tumors Otimização dos métodos para avaliar o DNA mitocondrial obtido a partir de tumores mamários caninos incluídos em parafina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica C. Bertagnolli

    2008-08-01

    Full Text Available In this study we describe the alterations used to extract and amplify mitochondrial desoxyribonucleic acid (DNA from formalin-fixed paraffin-embedded samples of canine mammary tumors. The epithelial and mesenchymal components (chondromyxoid and chondroid of each tumor, as well as the normal mammary gland tissues, were manually microdissected from 19 mixed canine mammary tumors (10 benign mixed tumors and nine carcinomas arising in mixed tumors. DNA was extracted by Invisorb® Spin Tissue Mini Kit, with protocol changes proposed by the manufacturer. A 273-bp fragment was amplified by polymerase chain reaction (PCR and submitted to automatic sequence analysis. The fragment was successfully analyzed in 100% of the samples. However, an additional lysis step, the reduction of volume in buffer solutions and PCR, a higher annealing temperature and an increase in the number of PCR cycles were required. The initial PCR products were diluted and re-amplified in six samples so that they could be successfully analyzed.A presente comunicação descreve as modificações usadas para extrair e amplificar o DNA mitocondrial obtido de amostras de tumores mamários caninos fixados em formol tamponado a 10% e incluídos em parafina. Os componentes epiteliais e mesenquimais (condromixóide e condróide, bem como a mama normal adjacente, foram microdissectados manualmente de 19 tumores mamários (10 tumores mistos benignos e nove carcinomas em tumores mistos. O DNA foi extraído utilizando-se o Invisorb® Spin Tissue Mini Kit com modificações do protocolo proposto pelo fabricante. Um fragmento de 273-pb foi amplificado por reação em cadeia da polimerase (PCR e seqüenciado em seqüenciador automático. O fragmento foi analisado em 100% das amostras, entretanto modificações como lise adicional, redução do volume das soluções de extração e PCR, aumento da temperatura de anelamento e do número de ciclos de amplificação foram necessárias. Em seis

  15. Aspectos morfométricos do timo em gatos domésticos (Felis domesticus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila E. Barroso

    2012-12-01

    Full Text Available O timo é um órgão linfático primário que desenvolve sua atividade em organismos jovens. Apesar de sua função ser responsável por mecanismos fundamentais na aquisição das defesas e conseqüentes respostas orgânicas, ela ainda não está totalmente esclarecida, nem tampouco as bases morfológicas que respondem por tais funções, como o processo de desenvolvimento e involução do órgão. Objetivou-se analisar e caracterizar os aspectos morfológicos do timo, tais como seu tamanho e volume, e aspectos histológicos do timo em gatos, correlacionando o sexo e o desenvolvimento etário. Doze timos provenientes de fetos de gatos domésticos (Felis domesticus sem raça definida (SRD, machos e fêmeas, separados em três grupos etários. O timo apresentou-se com uma coloração rosa-pálida e com duas porções, a torácica e a cervical, sendo que cada uma delas possuía um lobo direito e um lobo esquerdo em sua maioria. A porção torácica localizava-se em região de mediastino cranial, entre os pulmões e à base do coração. E a porção cervical estendia-se além das costelas em sentido cranial, estando localizada ventralmente à traqueia. A estrutura celular do timo demonstrou-se organizada com a presença de agregados concêntricos, os chamados corpúsculos tímicos, formados por células epiteliais, sustentada por uma cápsula de tecido conjuntivo de onde partiam septos que ao penetrar no órgão dividia-o em lóbulos. Ocorreram variações significativas quanto à lobação e as dimensões do timo entre indivíduos da mesma faixa etária, e entre sexos diferentes. Os valores relativos ao comprimento, espessura e largura, de maneira geral, apresentaram aumento, em conformidade ao desenvolvimento dos animais, mas com diferenças entre os sexos.

  16. Fecundação in vitro de ovócitos bovinos com sêmen submetido a diferentes diluidores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coelho Lia de Alencar

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do diluidor do sêmen no desenvolvimento in vitro de ovócitos bovinos após a maturação e fecundação in vitro. Ejaculado de um reprodutor foi fracionado e submetido a três diluidores: Lactose/gema de ovo (LG, Citrato/gema de ovo (CG e Tris/gema de ovo (TG. Amostras deste material foram envasadas, congeladas e estocadas em N² e, posteriormente, descongeladas; a fração móvel foi separada por gradiente descontínuo de Percoll. A concentração espermática foi ajustada para 10 x 10(6/mL e a capacitação espermática, induzida com 10 µg/mL de heparina. Após 24 horas de cultura para maturação in vitro, os ovócitos, aspirados de folículos ovarianos, foram inseminados com sêmen diluído em meio TALP e, após 48 horas de cultura, os zigotos foram transferidos para gotas de meio TCM 199, com 5% de soro fetal bovino, 5% de soro de vaca em estro e suspensão de células epiteliais do oviduto bovino, cobertas com óleo de silicone, e mantidos em cultura por nove dias. Todas as culturas foram realizadas a 38,5ºC em atmosfera com 5% de CO2. Os dados foram analisados pelo teste do qui-quadrado e houve diferença com relação à taxa de clivagem (TC, sendo as médias de 66,0; 69,3; e 54,4% para LG, CG e TG, respectivamente. Não houve diferença entre tratamentos com relação às taxas de mórulas/blastocistos ou de eclosão. O diluidor do sêmen não teve efeito sobre o desenvolvimento in vitro de embriões bovinos, embora a TC tenha sido afetada.

  17. Relação entre presença de fendas de cristais de colesterol em lesão periapical e nível de colesterol sérico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Tavares da Silva

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Uma infecção crônica nos tecidos periapicais pode desencadear uma lesão periapical em função da estimulação e da proliferação dos restos epiteliais de Malassez. Ao estudo microscópico, é possível detectar a presença de fendas de cristais de colesterol no interior de cistos e granulomas. De acordo com alguns estudos, a origem do colesterol no interior de lesões no periápice pode ser, parcialmente, por causa da condensação e da cristalização de colesterol dentro da parede do cisto. Outros estudos afirmam que a presença de colesterol pode ser derivada de produtos metabólicos locais ou da circulação vascular. OBJETIVO: O presente estudo teve por objetivo analisar a relação entre as fendas de cristais de colesterol encontradas nas lesões periapicais e os níveis de colesterol sérico. MATERIAL E MÉTODO: Estudo observacional de natureza descritiva, que incluiu 70 pacientes portadores de lesões periapicais, de acordo com exame radiográfico, atendidos no Departamento de Odontologia da Universidade Federal de Sergipe. Esses pacientes foram submetidos à exodontia da unidade dentária acometida e à remoção da lesão periapical, sendo esta peça encaminhada para exame anatomopatológico. Na mesma consulta, era solicitado um lipidograma para avaliação das taxas de colesterol sérico dos pacientes. RESULTADO: Fendas de cristais de colesterol estavam presentes apenas em cistos grandes (maiores que 1,5 cm de diâmetro, aproximadamente e, portanto, mais antigos. CONCLUSÃO: A presença de cristais de colesterol é rara nas lesões periapicais. O estudo sugere uma relação entre a presença dos cristais de colesterol e o índice de colesterol sérico elevado, em lesões grandes e antigas.

  18. Pesquisa de estrógeno e progesterona no epitélio das pregas vocais de mulheres por imunohistoquímica Immunohistochemical searching for estrogen and progesterone receptors in women vocal fold epithelia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oswaldo Angel Bellido Rios

    2008-08-01

    Full Text Available A laringe é extremamente sensível a mudanças endocrinológicas. A maioria das alterações da mucosa das pregas vocais é causada por modificações do conteúdo líquido das pregas vocais e das suas modificações epiteliais. O estrógeno e a progesterona interferem e modificam esse conteúdo líquido das pregas vocais. O objetivo deste trabalho é verificar a presença de receptores de estrógeno e progesterona no epitélio das pregas vocais de mulheres. MATERIAL E MÉTODO: Estudo de casos prospectivos. Foram realizados exames de imunohistoquímica para receptores de estrógeno e progesterona em 19 espécimes de epitélio de pregas vocais que não apresentavam quaisquer indícios de afecção, inclusive inflamatória. Foram descartados casos de pacientes com idade superior a 40 anos e inferior a 15 anos. RESULTADOS: Foram encontrados receptores para progesterona em 18 de 19 pacientes. Os receptores de progesterona estão localizados tanto no núcleo quanto no citoplasma e principalmente na camada basal. Não houve nenhum caso de receptores de estrógeno nas pregas vocais. CONCLUSÃO: O epitélio das pregas vocais apresenta receptores para progesterona, tanto no citoplasma quanto no núcleo. Não foram encontrados receptores para estrógeno no epitélio das pregas vocais estudadas.Larynx is extremely sensitive to endocrinologic changes. Most vocal fold mucosa alterations are caused by changes in vocal fold liquid content and its epithelial changes. Estrogen and progesterone interfere and change this liquid content in the vocal folds. Our goal with the present paper is to study the presence of estrogen and progesterone receptors on vocal fold epithelium in 19 vocal fold epithelium specimens that did not present any indication of disease, especially inflammatory disease. We discarded those cases of patients above 40 years of age and those below 15. RESULTS: we found progesterone receptors in 18 of the 19 patients. The progesterone receptors

  19. Pulpite crônica hiperplásica: análise histológica ao microscópio de luz e microscópio eletrônico de transmissão = Chronic hyperplastic pulpitis: histological analysis in light microscope and transmission electron microscope

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moura, Camilla Christian Gomes

    2006-01-01

    Full Text Available Este estudo analisou as características morfológicas de pólipos pulpares de adultos jovens ao microscópio de luz (ML e ao microscópio eletrônico de transmissão (MET. Foram analisados 5 pólipos de primeiros molares, que foram removidos e fixados em glutaraldeído 2,5%. Após a fixação, cada pólipo foi dividido em duas metades, uma foi processada para inclusão em glicol metacrilato e a outra para inclusão em resina epóxica. Os cortes histológicos com 3 µm de espessura foram corados em azul de toluidina e analisados ao ML e os cortes com 80 nm foram contrastados em citrato de chumbo e acetato de uranila e analisados ao MET. Ao ML foi observado epitélio espesso não queratinizado com alguns mastócitos na camada basal. O conjuntivo apresentou infiltrado inflamatório crônico, com ninhos de plasmócitos e vasos neoformados. A análise ao MET mostrou células epiteliais da camada basal com núcleo ovóide, citoplasma com muitos ribossomas livres, mitocôndrias e poucos feixes de tonofilamentos. A lâmina basal apresentou-se nítida com muitos hemidesmossomas. Na camada espinhosa observou-se células grandes, núcleos com cromatina descondensada e nucléolos evidentes. No citoplasma foi observado muitos feixes de tonofilamentos, muitas mitocôndrias, ribossomas livres e muitos desmossomas. No conjuntivo observou-se macrófagos, mastócitos e plasmócitos na região adjacente ao epitélio. Nas regiões mais profundas predominavam fibroblastos entres feixes de fibrilas colágenas, vasos sangüíneos com células endoteliais proeminentes e pericitos associados. Os resultados confirmaram que o epitélio do pólipo pulpar apresenta características morfológicas semelhantes ao da mucosa oral humana. O conjuntivo mostrou características de inflamação crônica de intensidade variada

  20. Histological changes caused by experimental Riedeliella graciliflora (Leg. Papilionoideae poisoning in cattle and laboratory animals Alterações histológicas na intoxicação experimental por Riedeliella graciliflora (Leg. Papilionoideae em bovinos e animais de laboratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Riet-Correa

    2001-03-01

    Full Text Available Tissues from cattle, mice, rats and guinea pigs experimentally intoxicated by Riedeliella graciliflora were studied histologically. Cattle lymph nodes, spleen, Peyer patches and peribronchial lymphoid tissues had diffuse necrosis of lymphocytes, mainly in the germinal centers of the follicles. This lesion was less severe in laboratory animals. All species had severe enteritis with infiltration of the lamina propria by mononuclear cells. Some cells in this infiltrate were necrotic. Degeneration and necrosis of the epithelial cells, mainly in the tip of the villi, and detachment of the epithelial lining from the lamina propria were also observed. In the liver the trabecular structure was disrupted and the hepatocytes had some degree of individual necrosis and degeneration. A tubular nephrosis was observed in the kidneys. Liver, lung, kidney, intestine and lymph nodes had different degrees of congestion. Those lesions are similar than those caused by Polygala klotzschii, a plant that contains 5-metoxi-podophyllotoxin.Foi realizado um estudo histológico de bovinos, camundongos, ratos e coelhos intoxicados experimentalmente por Riedeliella graciliflora. Em bovinos os gânglios linfáticos, baço, placas de Peyer e tecido peribronquial apresentavam necrose do tecido linfático, afetando, principalmente, os centros germinativos dos folículos. Esta lesão foi menos severa em animais de laboratório. Em todas as espécies havia severa enterite e infiltração da lâmina propria do intestino por células mononucleares. Algumas destas células estavam necróticas. Degeneração e necrose do epitélio, principalmente na superfície das vilosidades, e descamação das células epiteliais foram, também, observadas. No fígado havia desorganização da estrutura trabecular e alguns hepatócitos apresentavam-se degenerados ou necróticos. Os rins apresentavam nefrose tubular. Diferentes graus de congestão foram observados no fígado, pulmão, rins

  1. Detecção do virus ‘HoBi’-like (BVDV-3 em bovino no semiárido do Estado da Paraíba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana L.A. Marques

    Full Text Available RESUMO: Objetivou-se descrever os aspectos clínicos e anatomopatológicos, e a identificação viral de um caso de infecção pelo vírus ‘Hobi’-like (BVDV-3 em bovino do semiárido paraibano, Nordeste do Brasil. Um bovino, fêmea, três meses de idade, foi levado ao Hospital Veterinário da UFCG apresentando salivação, dificuldade de apreensão do teto, falta de apetite, fezes escuras e em pouca quantidade. Diante da piora do quadro clínico optou-se por sua eutanásia in extremis, seguida da realização da necropsia e coleta de material para histopatologia. Histologicamente, nas mucosas do trato digestivo, havia edema, degeneração balonosa, necrose e infiltrado inflamatório, que foi observado na face dorsal da língua e no seu epitélio mais profundo. A imunohistoquímica de amostras de extremidade de pavilhão auricular demonstrou marcação antigênica positiva e pela RT-PCR foi possível detectar RNA viral do BVDV no soro sanguíneo, cujo efeito citopático em células epiteliais de rim bovino da linhagem “Madin Darby bovine kidney” (MDBK não foi observado. O sequenciamento do gene 5’NCR demonstrou que o vírus isolado estaria mais relacionado ao ‘Hobi’-like (BVDV-3. Após a confirmação do diagnóstico foram coletadas amostras de soro dos 23 animais do rebanho para sorologia por ELISA indireto, sendo constatada 69,6% (16/23 de soropositividade. A identificação deste novo caso de infecção por ‘Hobi’-like na Paraíba reafirma a necessidade de um monitoramento regular para BVDV na região para detecção precoce da infecção dos rebanhos e adoção de medidas eficazes de prevenção e controle.

  2. Tumores em bovinos encontrados em abatedouros frigoríficos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Tessele

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo: Numa pesquisa em abatedouros a procura de lesões em bovinos, realizada de janeiro de 2011 a julho de 2014, 544 foram encontradas, das quais 65 eram neoplasmas. Quarenta e dois porcento desses tumores eram de origem mesenquimal; 37% eram epiteliais; 14,5% eram derivados da crista neural; 5% eram tumores do cordão sexual; e 1,5 eram tumores originários do sistema nervoso periférico. O tumor mais frequentemente encontrado foi o linfoma (28% de todos os tumores, a maioria dos casos como parte do complexo leucose bovina enzoótica. O carcinoma de células escamosas foi o segundo tumor mais frequente (15% de todos os tumores. É chamada a atenção para a frequência desses tumores e para a sua importância no diagnóstico diferencial no abatedouro frigorífico entre eles e outras lesões importantes, incluindo as lesões granulomatosas da tuberculose. Houve uma ocorrência significativa do feocromocitoma adrenal (13% de todos os tumores. Papilomatose representou apenas 3% de todos os tumores. Como papilomas são comuns em bovinos, seu baixo número nesse estudo pode ser explicado pelo fato de que eles não são usualmente diagnosticados no exame post mortem (quando o couro já foi retirado da carcaça, mas sim no exame ante mortem, como ocorreu na maioria dos casos deste estudo. Tumores encontrados com menor frequência (cada um perfazendo entre 1.5 e 3% de todos os tumores incluíram adenocarcinoma apócrino misto da cauda, adenocarcinoma mamário, adenocarcinoma uterino, carcinoma de células renais, fibroma interdigital, hemangiossarcoma, leiomioma uterino, lipoma, lipossarcoma, mesotelioma, neurofibroma, tumor de células da granulosa, tumor estromal gastrointestinal, tumores hepáticos, tumores melanocíticos, e tumores pulmonares primários. Pretende-se que os resultados dessa pesquisa possam ajudar na identificação das lesões na inspeção oficial em matadouros frigoríficos.

  3. Gill histopathological alterations in Nile tilapia, Oreochromis niloticus exposed to treated sewage Water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Fontaínhas-Fernandes

    2008-10-01

    Full Text Available Adult Nile tilapia, Oreochromis niloticus, of both sexes were exposed in wastewater from a sewage treatment plant for a period of 4 days. Gill samples were collected after 24, 48, 72 and 96 h and histopathological changes were analyzed by light and scanning electronic microscopy. Gill epithelium of control O. niloticus (freshwater group was similar to that of other teleosts, while histopathological lesions were observed in exposed fishes. The main histopathological changes were edema, lifting of lamellar and filamentar epithelia and lamellar fusion. Cell proliferation with consequent thickening of the filament epithelium was also found in fishes exposed to the treated sewage water. The severity of the lesions increased with the time of exposure, namely the hyperplasia of the epithelial cells with proliferation of filamentar epithelium and fusion of lamellae observed at 96 h. Additionally, several histopathological results obtained by light microscopy were confirmed through scanning microscopy.Tilápias adultas, Oreochromis niloticus, de ambos os sexos foram expostas em águas residuais de uma estação de tratamento de esgoto durante 4 dias. Amostras de brânquia foram recolhidas após 24, 48, 72 e 96 h e as alterações histopatológicas foram analisadas por microscopia óptica e eletrônica de varredura. O epitélio da brânquia do grupo controle apresentou uma morfologia similar à de outros peixes teleosteos, enquanto foram observadas lesões nos peixes expostos. As principais alterações histopatológicas foram edema, destacamento dos epitélios lamelar e filamentar e fusão lamelar. Os peixes expostos às águas residuais mostraram também proliferação celular com consequente aumento da espessura do filamento branquial. A severidade das lesões aumentou com o tempo de exposição, nomeadamente a hiperplasia das células epiteliais com proliferação do epitélio filamentar e fusão das lamelas observadas preferencialmente às 96 h

  4. Incidência e fatores de risco da retinopatia diabética em pacientes do Hospital Universitário Onofre Lopes, Natal-RN Diabetic retinopathy incidence and risk factors in patients of the Onofre Lopes University Hospital, Natal-RN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alexandre de Amorim Garcia

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a incidência e fatores de risco (tempo de doença e presença de hipertensão arterial sistêmica para retinopatia diabética em 1002 pacientes encaminhados pelo Programa de Diabetes do Hospital Universitário Onofre Lopes no período de 1992 - 1995. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de pacientes com diagnóstico de diabetes mellitus encaminhados ao Setor de Retina do Departamento de Oftalmologia pelo Programa de Diabetes do Hospital Universitário e submetido, sob a supervisão do autor, a exame oftalmológico, incluindo medida da acuidade visual corrigida (tabela de Snellen, biomicroscopia do segmento anterior e posterior, tonometria de aplanação e oftalmoscopia binocular indireta sob midríase (tropicamida 1% + fenilefrina 10%. Foi realizada análise dos prontuários referente ao tempo de doenças e diagnostico clínico de hipertensão arterial sistêmica. RESULTADOS: Dos 1002 diabéticos examinados (em 24 deles a fundoscopia foi inviável, 978 foram separados em 4 grupos: sem retinopatia diabética (SRD, 675 casos (69,01%; com retinopatia diabética não proliferativa (RDNP, 207 casos (21,16%; com retinopatia diabética proliferativa (RDP, 70 casos (7,15%; e pacientes já fotocoagulados (JFC, 26 casos (2,65%. Do total, 291 eram do sexo masculino (29% e 711 do sexo feminino (71%. Os 4 grupos foram ainda avaliados quanto ao sexo, a faixa etária, a acuidade visual, tempo de doença, presença de catarata e hipertensão arterial sistêmica e comparados entre si. Com relação ao tipo de diabetes, 95 eram do tipo I (9,4%, 870 pacientes eram do tipo II (86,8%, e em 37 casos (3,7% o tipo de diabetes não foi determinado. CONCLUSÕES: Comprovou-se que os pacientes com maior tempo de doença tinham maior probabilidade de desenvolver retinopatia diabética, e que a hipertensão arterial sistêmica não constituiu fator de risco em relação à diminuição da acuidade visual nos pacientes hipertensos.PURPOSE: To study the incidence

  5. Frecuencia de retinopatía diabética y su relación con algunas variables clínicas y bioquímicas asociadas a la diabetes tipo 1 Frequency of diabetic retinopathy and its relation to some clinical and biochemical variables associated with type 1 diabetes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel E. Licea Puig

    2006-12-01

    Full Text Available La aparición de la retinopatía diabética (RD se asocia a la presencia de varios factores de riesgo que determinan tanto su surgimiento como el incremento de su severidad. El objetivo de este trabajo es determinar la frecuencia y severidad de la RD y su relación con algunas variables clínicas y bioquímicas en un grupo de personas con diabetes mellitus tipo 1 (DM1. Fue realizado un estudio retrospectivo y descriptivo en 240 diabéticos tipo 1 atendidos en el Centro de Atención al Diabético del Instituto Nacional de Endocrinología. Se estudiaron: edad, sexo, duración de la DM 1, presión arterial sistólica (PAS y diastólica (PAD, índice de masa corporal (IMC, hábito de fumar, glucemia en ayunas y posprandial de 2 h, hemoglobina glucosilada (HbA1, excreción urinaria de albúmina (EUA en orina de 24 h y presencia y tipo de RD: no proliferativa (RDNP y proliferativa (RD. 40,4 % de los diabéticos tenían algún tipo de RD (RDNP 35,4 % y RDP 5,0 %. A mayor edad cronológica se incrementó la frecuencia de RD. De los 39 sujetos con una DM1 de ³ 20 años de evolución, 34 tenían algún tipo de RD. La hipertensión arterial (HTA apareció en 30,6 y 50,0 % de los individuos que presentaban RDNP y RDP, respectivamente. La glucemia en ayunas fue significativamente (pThe appearance of diabetic retinopathy (DR is associated with the presence of several risk factors that determine its emergence and the increase of its severity. The objective of this paper is to know the frequency and severity of DR and its connection with some clinical and biochemical variables in a group of persons with type1 diabetes mellitus. A retrospective and descriptive study was conducted in 240 type 1 diabetics seen at the Diabetes Care Center of the National Institute of Endocrinology. The studied variables were age, sex, duration of type 1 diabetes mellitus, systolic (SAP and diastolic arterial pressure (DAP, body mass index (BMI, smoking habit, fasting and 2-hour

  6. Determination of yeast killer activity in fermenting sugarcane juice using selected ethanol-making strains

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Regina Ceccato-Antonini

    2004-03-01

    ção de linhagens 'killer' altamente produtivas pode ser uma abordagem interessante. Vinte e quatro dentre 342 leveduras isoladas do processo fermentativo mostraram atividade 'killer' e 3 delas foram selecionadas para a avaliação da eficiência fermentativa em sistema de batelada com reciclo de células, em escala de frascos e fermentador. As 3 linhagens 'killer' selecionadas não apresentaram resultados similares àqueles apresentados pelo fermento prensado (panificação em relação aos rendimentos em etanol (0,07-0,18; 0,12-0,20; 0,10-0,13; 0,22-0,25 g/g, respectivamente e biomassa (0,19-0,26; 0,33-0,39; 0,13-0,27; 0,47-0,61 g/g, respectivamente e eficiência fermentativa (12,3-36,3; 21,0-40,0; 19,3-26,3; 47,6-54,0 %, respectivamente em caldo de cana-de-açúcar, em frascos. Em fermentador, observou-se o mesmo comportamento. No entanto, elas mostraram alta viabilidade celular e atividade 'killer' (usando filtrado livre de células ao longo dos ciclos fermentativos, a despeito das condições desfavoráveis do meio, como alta variação de pH do meio (de 5,5-6,0 a 3,0-4,0, baixa aeração e temperatura mais alta (30ºC, as quais não são as ideais para a produção/atividade das toxinas 'killer'. Uma linhagem de Pichia (CCA 510 mostrou os melhores resultados entre as linhagens 'killer' testadas, além de exibir uma poderosa atividade 'killer' contra 92% de leveduras fermentativas isoladas do processo e contra o fermento prensado. Demonstrou também atividade 'killer' (usando preparado de toxina bruta em temperaturas elevadas (38ºC e baixo pH (4,0 após 72 horas de incubação, sob condições proliferativas e não-proliferativas. Os resultados permitem indicar que a atividade 'killer' deve ser uma característica a ser avaliada na seleção de linhagens para a fermentação etanólica, além de outras características baseadas na produtividade, uma vez que pode assegurar a permanência da linhagem selecionada durante o processo.

  7. Frecuencia y características clínicas de la retinopatía diabética en un grupo de personas con diabetes mellitus tipo 2 de diagnóstico reciente Frequency and clinical characteristics of diabetic retinopathy in a group of persons recently diagnosed with type 2 diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel E. Licea Puig

    2003-08-01

    Full Text Available En los últimos años se le ha dedicado mayor atención a la presencia de complicaciones microangiopáticas en las personas con diabetes mellitus tipo 2 (DM 2, y la retinopatía diabética (RD no es una excepción. El objetivo de este trabajo es determinar la frecuencia y las características clínicas de la RD en un grupo de personas con DM 2 de diagnóstico reciente. Se estudiaron 110 pacientes (£ 6 meses con anticuerpos antiislotes pancreáticos (ICA y anti-descarboxilasa del ácido glutámico (AGAD negativos, atendidos consecutivamente en el Centro de Atención al Diabético (CAD, del Instituto Nacional de Endocrinología (INEN, y las variables utilizadas fueron: edad, sexo, hábito de fumar, índice de masa corporal (IMC, edad de debut de la DM 2, presencia de RD y de nefropatía diabética incipiente (NDI, así como la presión arterial. Se determinó ICA, AGAD, hemoglobina glucosilada (HbA1, glucemia en ayunas y posprandial 2 horas después del desayuno y 2 horas después del almuerzo y excreción urinaria de albúmina (EUA en orina de 24 horas. No se incluyó a pacientes con ND diabética clínica (EUA ³ 300 mg/L, ni con otras causas o condiciones de aumento de EUA. Se dividieron en 2 grupos atendiendo a la presencia o no de RD, así como a su severidad y fueron utilizados los criterios propuestos por L'Esperance. El 7 % de la totalidad de la serie presentó algún tipo de RD (7 no proliferativas y 1 proliferativa. La presión arterial sistólica fue de 127,84 ± 19,43 mmHg en aquellos sin RD y de 140 ± 15,27 mmHg , en los que presentaron RDNP (p 20 a In the last few years, great attention has been paid to microangiopathic complications occurred in persons with type 2 diabetes mellitus, and diabetic retinopathy is not the exception. The objective of this paper is to determine the frequency and the clinical characteristics of diabetic retinopathy in a group of persons recently diagnosed with type 2 diabetes mellitus. One hundred ten

  8. Avaliação oftalmológica tardia em portadores de retinopatia diabética Delay in ophthalmologic examination of diabetic retinopathy patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otacílio de Oliveira Maia Júnior

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o retardo na avaliação oftalmológica em portadores de retinopatia diabética avançada e sem queixas visuais. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal analítico com 44 portadores assintomáticos de retinopatia diabética. Todos os pacientes tiveram indicação de tratamento com laser em pelo menos um dos olhos. A duração e tipo da doença, bem como o tempo para a primeira avaliação oftalmológica foram determinados. RESULTADOS: Dos 44 pacientes, 6 (13,7% eram portadores de diabetes mellitus tipo 1 e 38 (86,3% do tipo 2. Retinopatia diabética proliferativa estava presente em 24 (54,5% e retinopatia diabética não proliferativa grave ou muito grave em 20 (45,5%. A acuidade visual, com melhor correção, pré-tratamento, variou de 0,5 a 1,0 (média de 0,83 ± 0,17 na tabela de Snellen. O tempo de intervalo entre o diagnóstico de diabetes e a primeira avaliação oftalmológica variou de 7 a 19,5 anos (13,3 ± 5,1 anos para os diabéticos tipo 1 e de 3 meses a 18 anos (5,2 ± 4,81 anos para os tipo 2. CONCLUSÃO: Retinopatia diabética avançada pode estar presente em diferentes momentos na avaliação oftalmológica para ambos os tipos de diabetes. No presente estudo, embora a média de intervalo entre o diagnóstico de diabetes e a primeira avaliação seja de 13 anos para os diabéticos tipo 1 e de 5 anos para os tipo 2, a retinopatia avançada foi observada em até 3 meses após diagnóstico de diabetes. Este fato demonstra a necessidade de avaliação oftálmica mais precoce nesta doença. Dessa forma, conclui-se que a RD deve ter uma abordagem multidisciplinar, no intuito de que o diagnóstico da RD seja feito, em suas fases iniciais, antes que lesões comprometedoras da visão já tenham ocorrido.OBJECTIVE: To assess the delay in the ophthalmic examination of patients affected with severe diabetic retinopathy but no visual complaint. METHODS: A transversal analytical study was conducted of 44 visually

  9. Relação entre retinopatia diabética e dermopatia diabética em pacientes portadores de diabetes mellitus tipo 2 Relation between diabetic retinopathy and diabetic dermopathy in type 2 diabetes mellitus patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Roberto Kurtz Lisboa

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Dermopatia diabética é o marcador cutâneo mais comum de diabetes mellitus. Embora, a dermopatia e a retinopatia diabéticas sejam consideradas manifestações de microangiopatia diabética, poucos estudos foram publicados a respeito de uma possível associação. Este estudo pretendeu investigar a associação de retinopatia e dermopatia diabéticas e determinar a prevalência e os fatores de risco associados com retinopatia diabética em pacientes diabéticos do tipo 2 do Ambulatório de Diabetes da Faculdade de Medicina da Universidade de Passo Fundo no Hospital de Ensino São Vicente de Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal de 90 pacientes diabéticos tipo 2, atendidos sucessivamente em um Ambulatório de Diabetes nos quais foi realizado exame físico dermatológico e oftalmológico. RESULTADOS: A prevalência de dermopatia diabética foi de 16,6% (n = 15 e a de retinopatia diabética foi de 34,4% (n = 31. Destes, 67,8% (n = 21 consistiam em retinopatia não-proliferativa e 32,2% (n = 10 em retinopatia proliferativa. Observou-se que a duração da doença maior do que 10 anos (p = 0,001 e idade maior que 50 anos (p = 0,014 estavam associadas à retinopatia. Não se encontrou associação entre hemoglobina glicada (p = 0,5 e glicemia de jejum (p = 0,8 com retinopatia diabética. A freqüência de retinopatia diabética em pacientes com dermopatia diabética não foi maior do que nos pacientes sem dermopatia (7,7%, 7 casos, p = 0,586. Não houve associação, estatisticamente significativa, entre retinopatia e dermopatia diabéticas. CONCLUSÃO: Não se encontrou associação entre dermopatia e retinopatia diabéticas entre estes indivíduos com diabetes mellitus do tipo 2. A presença de retinopatia diabética estava associada à duração da doença e à idade avançada dos pacientes.PURPOSE: Diabetic dermopathy is the most frequent cutaneous marker of diabetes mellitus. Although diabetic dermopathy and diabetic retinopathy are

  10. Uso de triamcinolona intravítrea en edema macular del diabético Intravitreal triamcinolone to treat diabetic macular edema

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meysi Ramos López

    2007-12-01

    Full Text Available Se estima que en el mundo hay 120 millones de diabéticos y que cada 15 años el número de estos se duplica. Algunos datos son descriptivos y reflejan la situación actual: en los países avanzados solo 30 % de los diabéticos tipo I están adecuadamente controlados y 7 % de los tipo 2 con características de alto riesgo no han sido revisados nunca por ningún oftalmólogo. La prevalencia de la retinopatía diabética está determinada por el tipo de diabetes mellitus y por la edad del paciente, disminuye según aumenta la edad. La retinopatía diabética más frecuente es la no proliferativa en un 80 %, contra un 20 %, la proliferativa. La diabetes mellitus en Cuba tiene una prevalencia aproximadamente de 1/10 000. Estudios recientes revelan una prevalencia de la retinopatía diabética de alrededor de 20-25 % entre los pacientes diabéticos. La detección temprana de la retinopatía, el edema macular, y el tratamiento precoz son cruciales en el esfuerzo por reducir la incapacidad visual presentada en los pacientes con diabetes. En este trabajo se evalúa la efectividad de la triamcinolona intravítrea como tratamiento general antiangiogénico y antiinflamatorio del edema macular en un grupo de pacientes diabéticos que fueron atendidos en el Instituto Cubano Oftalmológico "Ramón Pando Ferrer, desde enero hasta julio de 2006. Se realizó un estudio descriptivo-prospectivo de caso control, en el cual, el paciente constituyó su propio control. La muestra estuvo formada por 30 pacientes diabéticos, con diagnóstico de edema macular diabético que fueron candidatos a la aplicación del medicamento. Predominó el sexo femenino con más de 6 años de edad, a pesar que se mejora la agudeza visual, esta no se correspondía con la disminución evidente del edema macular. Los pacientes que no tuvieron tratamiento láser previo, respondieron mejor al medicamento aplicado, como complicaciones postratamiento se presentó hipertensión ocular, involuci

  11. Prevalência da retinopatia diabética em unidade do Programa de Saúde da Família Prevalence of the diabetic retinopathy in a Family's Health Program unity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murielem Fernandes Guedes

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência da retinopatia diabética na população cadastrada no Programa de Saúde da Família (PSF - Parque Prazeres, em Campos dos Goytacazes, RJ, e o nível de conhecimento desta doença pelos pacientes diabéticos. MÉTODOS: Estudo descritivo de série de casos onde foram convidados a participar do trabalho de pesquisa todos os 72 pacientes diabéticos cadastrados através da ficha A (ficha de cadastro das famílias do PSF estudado. Para a realização do estudo aceitaram participar 46 (64% dos 72 pacientes. Os pacientes foram submetidos ao exame de acuidade visual, sendo posteriormente aplicado um questionário para a avaliação do nível de conhecimento das alterações visuais causadas pelo diabetes, em seguida foi realizado o exame de fundoscopia direta. O estudo estatístico foi feito com auxílio do programa Microsoft Excel e Bioestat 5.0 RESULTADOS: A prevalência da retinopatia diabética foi de 19,5% ( IC 95% entre 8,1 e 31%; 13% possuíam retinopatia diabética não proliferativa e 6,5% retinopatia diabética proliferativa. De acordo com critério da Organização Mundial de Saúde: 8,5% foram considerados cegos e 8,9% com baixa visão no momento do exame ocular. Setenta e dois por cento dos pacientes afirmaram ter conhecimento que o diabetes poderia causar alterações visuais, mas 80% não sabiam dos exames necessários para diagnóstico e 65% nunca foram anteriormente submetidos ao exame de fundoscopia. CONCLUSÃO: Programas de prevenção à cegueira pela retinopatia diabética no PSF são justificados, considerando que a prevalência desta doença nas comunidades carentes assistidas pode estar em níveis elevados, como a observada neste estudo. A melhora do conhecimento dos pacientes sobre o risco de perda de visão e exames oftalmológicos periódicos poderá contribuir para um melhor controle da retinopatia diabética.OBJECTIVE: Determine the diabetic retinopathy prevalence in a Family's Health

  12. Imunoexpressão da citoqueratina 16 e do antígeno nuclear Ki-67 no colesteatoma adquirido da orelha média Expression patterns of cytokeratin 16 and the nuclear antigen Ki-67 in acquired middle ear cholesteatoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celina S. B. Pereira

    2002-08-01

    Full Text Available Introdução: Ocolesteatoma da orelha média é caracterizado pela presença de epitélio escamoso estratificado queratinizado nesta cavidade, causando destruição óssea e podendo levar a complicações. Algumas substâncias como a citoqueratina 16 e o Ki-67, marcadores de proliferação celular, vêm sendo utilizadas para estudar essa doença. A CK 16 é um filamento protéico, situado no citoplasma das células epiteliais, característico de epitélios hiperproliferativos. O Ki-67 é um antígeno nuclear que aparece nas células em estágio de proliferação. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi estudar a imunoexpressão da CK 16 e do Ki-67 no colesteatoma adquirido. Forma de estudo: Clínico prospectivo. Material e Método: Foram colhidas amostras de colesteatoma de 31 pacientes submetidos à cirurgia otológica, sendo 20 adultos e 11 crianças, no período de 1998 e 2000. Essas amostras foram submetidas à análise histológica e imuno-histoquímica para estudo da expressão da CK 16 e do Ki-67 na matriz do colesteatoma. Resultado: A análise dos resultados mostrou a presença da CK 16 nas camadas suprabasais da matriz do colesteatoma e, do Ki-67, na camada basal, estendendo-se para as camadas suprabasais e, inclusive, para a camada apical da matriz. A reação aos anticorpos anti-CK 16 e Ki-67 foi heterogênea. A correlação entre a CK 16 e o Ki-67 suprabasal com variáveis morfológicas, como acantose do epitélio e hiperplasia da camada basal formando cones epiteliais em direção à perimatriz, foi positiva e significativa. Também houve relação positiva e significativa entre a CK 16 e o Ki-67 suprabasal e apical. Conclusão: Esses resultados permitem concluir que o colesteatoma tem características hiperproliferativas, expressando a CK 16 e o Ki-67 na sua matriz.Introduction: Cholesteatomas of the middle ear are characterized by the presence of stratified squamous epithelium in this cavity presenting with highly invasive

  13. Lupus nephritis, pregnancy and rituximab

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Dorado

    2017-04-01

    Full Text Available La nefritis lúpica (NL proliferativa es una de las complicaciones más graves del LES. La respuesta terapéutica con los esquemas clásicos no existe en el 20 al 70% de los casos, siendo la amplitud de dicho rango explicada por variaciones étnicas, falta de consenso en la definición de remisión, diferencias en los tiempos de tratamiento, seguimiento y en la clase de NL. En presencia de NL recidivante o refractaria los tratamientos y el nivel de evidencia sobre su eficacia son más limitados. Rituximab es un anticuerpo monoclonal quimérico (ratón-humano dirigido contra el antígeno CD 20 localizado en la superficie celular de los linfocitos B. Estos participan en la patogénesis del LES a partir de su maduración en células plasmáticas, producción de anticuerpos, secreción de citoquinas proinflamatorias, presentación de autoantígenos a las células T y en la activación de células T. La administración de rituximab genera un rápido y sostenido descenso de los linfocitos B CD 20+ circulantes y una reducción de los títulos de auto-anticuerpos. Se reportó una disminución significativa en los niveles de antiDNA a partir de la semana 14 y de los niveles de IgM, sin compromiso de IgG ni de IgA. Se detectó droga activa en sangre periférica luego de la semana 24 de la última infusión. La depleción de linfocitos B se puede mantener por 6 meses, su reconstitución es heterogénea y puede tardar más de un año. Esta linfopenia selectiva tendría un valor predictivo de respuesta terapéutica, la remisión clínica prolongada tendría asociación con repoblación incompleta de células B de memoria varios años luego del tratamiento. En estudios observacionales realizados en pacientes con NL refractaria se reportó respuesta terapéutica con rituximab entre 67-77 % luego de 6 a 12 meses de seguimiento. Sin embargo los resultados del estudio Lupus Nephritis Assesment with Rituximab (LUNAR, randomizado controlado, a doble ciego

  14. Polimorfismo do gene tp53 no códon 72 em pacientes com suspeita de LMC Codon 72 polymorphism of the TP53 gene in patients suspected to have CML

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila S. Hamú

    2007-12-01

    Full Text Available A leucemia mielóide crônica (LMC é uma doença proliferativa do sistema hematopoiético, caracterizada pela expansão clonal de uma célula-tronco primitiva e pluripotente denominada stem cell. Este tipo de leucemia está associado, em 90% dos casos, à translocação t(9;22(q34;q11. Essa alteração cromossômica estrutural codifica para uma proteína quimérica BCR-ABL, que confere às células leucêmicas uma alta resistência à morte, independente do agente indutor desse processo. A proteína p53 é uma reguladora transcricional induzida por danos no DNA, fato que resulta na parada do ciclo celular com conseqüente ativação de mecanismos de reparo ou mesmo na indução à apoptose. As mutações no gene TP53 são as alterações genéticas mais comuns em tumores malignos humanos. O presente estudo teve como objetivo genotipar e determinar a freqüência alélica do polimorfismo do TP53 no códon 72 (arginina - Arg e prolina - Pro, em pacientes com suspeita de LMC, pela Reação em Cadeia da Polimerase. Desta forma, os resultados indicaram que 73,4% (23/30 dos pacientes apresentaram homozigose para arginina (Arg/Arg e 26,6% (7/30 heterozigose (Arg/Pro. Não foi encontrado nenhum paciente homozigoto para prolina (Pro/Pro. Os resultados obtidos sugerem que o polimorfismo do gene TP53 no códon 72 não é um fator de risco importante para a iniciação, promoção e progressão da LMC.Chronic myeloid leukemia (CML is a proliferative disorder of the hematopoietic system characterized by clonal expansion of a primitive and pluripotent stem cell. In this type of leukemia, up to 90% of all cases is associated to a specific chromosomal translocation, t(9;22(q34;q11. The genomic alteration results in a chimeric protein, BCR-ABL, that confers a high resistance leukemia cells to death, independent of the induction mechanism of this process. Protein p53 is a transcriptional factor expressed after DNA damage which ceases cell cycle progression and

  15. Perfluoroctano líquido como tamponante vitreorretiniano de curta duração no pós-operatório de portadores de descolamento de retina por ruptura gigante Perfluoroctane liquid as a short-term vitreous-retinal tamponade in the postoperative period in patients with retinal detachment due to giant tears

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Carvalho Ventura

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Relatar os resultados de vitrectomia via pars plana com utilização de perfluocarbono líquido (Perfluoroctano-Ophtalmos®, como tamponante vítreo-retiniano de curta duração, no pós-operatório de portadores de descolamento de retina, por ruptura gigante. MÉTODOS: Estudaram-se dez desses pacientes. Todos os casos eram complicados por vitreorretinopatia proliferativa grau B ou pior com rupturas que variavam em extensão de 90º a 210º. O perfluorocarbono líquido foi introduzido, por via pars plana, com o volume necessário para ultrapassar o limite posterior da ruptura, permanecendo no pós-operatório por cinco dias, estando os pacientes em decúbito dorsal. Após esse período submetiam-se a segunda intervenção para troca do perfluorocarbono líquido para gás ou óleo de silicone. RESULTADOS: Após período de acompanhamento médio de 16,2 ± 12,4 meses (2 a 43 meses, 80% das retinas estavam aplicadas, sendo necessária a repetição desta técnica em 1 caso (10% caso e em 2 casos (20% não houve reaplicação da retina por vitreorretinopatia avançada. Houve melhora da acuidade visual em 5 casos (50%. CONCLUSÃO: Observaram-se bons resultados quanto à aplicação da retina (80% e melhora da acuidade visual (50% quando do uso do perfluorocarbono líquido como tamponante vitreorretiniano de curta duração no pós-operatório de cirurgias de descolamento de retina por rupturas gigantes.PURPOSE: To report pars plana vitrectomy results of intravitreous use of liquid perfluorocarbon as a short-term postoperative tamponade in retinal detachment due to giant tears in a series of patients. METHODS: Ten of those patients, all of them complicated by proliferative vitreoretinopathy grade B or worse, with tear extension varying from 90º to 210º were studied. Perfluorocarbon liquid was injected via pars plana until the posterior tear limit, remaining in the postoperative period during five days, with the patients in supine position

  16. Histomorfometria, apoptose e proliferação celular em neoplasias intraepiteliais do colo uterino Histomorphometry, apoptosis and cell proliferation in cervical intraepithelial neoplasia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Tadeu de Puy e Souza

    2011-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As displasias do colo uterino são precursoras do carcinoma de células escamosas. Mutações induzidas por carcinógenos correlacionam-se com alterações proliferativas. O acúmulo dessas mutações e o descontrole da homeostase genômica permitem mudanças na expressão de determinados genes e geram desequilíbrios na proliferação celular e na apoptose. Marcadores imuno-histoquímicos de proliferação celular, de apoptose e de sobrevivência celular em lesões intraepiteliais cervicais ainda necessitam de estudo morfométricos para definir seus papéis na evolução das displasias ao carcinoma invasivo. OBJETIVOS: Para melhor entender os processos de proliferação celular, apoptose e renovação epitelial nessas lesões, foram realizadas histomorfometria para mitose e apoptose e reações imuno-histoquímicas das proteínas Bax, Bcl-2 e Ki-67 (reatividade, localização e intensidade em biópsias cervicais. MÉTODOS: As amostras foram divididas em quatro grupos: 1. cervicite (n = 20; 2. displasia leve (n = 20; 3. displasia moderada (n = 20; 4. displasia acentuada (n = 20. RESULTADOS: Foram verificadas intensa proliferação celular e apoptose nas lesões de alto grau e ampla, intensa e difusa imunomarcação para Ki-67 e Bax. Esses achados foram encontrados de maneira discreta ou nula nos grupos cervicite e displasia leve. A marcação para Bcl-2 foi mais intensa nas lesões de alto grau, tendo sido discreta nas demais. A ampla marcação imuno-histoquímica de Ki-67 e Bax é sugestiva de elevado grau de renovação celular, o qual também é sustentado pela histomorfometria. A expressão do Bcl-2 aumenta com a gravidade da displasia. CONCLUSÃO: Esses achados indicam que o processo pré-neoplásico é dinâmico, com apoptose e mitose ocorrendo concomitantemente.INTRODUCTION: Cervical dysplasias are precursor to squamous cell carcinoma of the uterine cervix. Carcinogen induced mutations correlate with proliferative

  17. Factores de riesgo asociados con la aparición de la retinopatía diabética Risk factors associated with the appearance of diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel E. Licea Puig

    2007-12-01

    Full Text Available La aparición de la retinopatía diabética (RD se asocia con la presencia de varios factores de riesgo, que determinan tanto su aparición como el incremento de su severidad. Nos proponemos en este trabajo describir los factores que pueden influir en la aparición y progresión de la RD, lo que será de suma importancia para desarrollar medidas preventivas y de intervención dirigida a disminuir la morbilidad de esta complicación. Las personas con DM tipo 1 (DM 1 presentan con mayor frecuencia complicaciones oculares graves (RD proliferativa; de hecho, después de 5 años del inicio de la DM 1 el 23 % de estos diabéticos tienen una RD. La incidencia aumenta hasta 60 % después de 10 años evolución de la DM 1, y pasados los 15 años, puede encontrarse en el 80 % de estas personas. Por el contrario, en las personas con DM 2 la RD puede observarse en el 30 % antes de los 5 años de evolución de la DM 2, incluso confirmarse en el momento del diagnóstico clínico. Son varios los factores que se han asociado con la aparición de la RD. Se considera importante la edad del diagnóstico y el tiempo de evolución de la DM, el mal control metabólico, un perfil lipídico adverso, la presencia de microalbuminuria o enfermedad renal, la hipertensión arterial (HTA, el sexo, el hábito de fumar, la pubertad, el embarazo y los factores genéticos, entre otros.The appearance of diabetic retinopathy (DR is associated with the presence of several risk factors determining their emergence and the increase of its severity. The aim of this paper was to describe the factors that may influence on the appearance and progression of DR, which will be very important to take preventive and intervention measures to reduce the morbidity of this complication. Persons with type 1 DM have severe ocular complications more frequently (proliferative DR. In fact, 5 years after the beginning of type 1 diabetes mellitus, 23 % of these diabetics have DR. On the contrary, in

  18. Uso de la triamcinolona subtenoniana en pacientes con rubeosis del iris Use of intravitreal triamcinolone in patients with iris rubeosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene Rojas Rondón

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Describir el comportamiento de la rubeosis del iris luego de la aplicación de triamcinolona subtenoniana. MÉTODOS: Se realizó un estudio descriptivo de corte longitudinal con 25 pacientes para un total de 32 ojos con diferentes afecciones oculares. Se efectuaron pruebas estadísticas con las variables del estudio y en algunas se utilizó la prueba de los signos de comparación para datos pareados y en otras se aplicó chi cuadrado. Se caracterizaron las variables: edad, sexo, causa de rubeosis del iris y sus estadios, síntomas y tratamiento con láser de panfotocoagulación retiniana. RESULTADOS: La retinopatía diabética proliferativa fue la afección más frecuente en el 76 % de los pacientes, seguida de la oclusión de la vena central retiniana. Del total de pacientes tratados, el 37,5 % evolucionó satisfactoriamente el estado de la rubeosis del iris. Fue mayor el número de pacientes que mejoraron el grado de la rubeosis con tratamiento combinado de láser y triamcinolona subtenoniana, aunque estadísticamente no fue significativo. El estado de la rubeosis mejoró en más de la mitad de los pacientes con tiempo de evolución menor de 6 meses. En aquellos con un tiempo mayor de 6 meses y neovascularización del iris grado III, se pudo estabilizar el glaucoma neovascular. CONCLUSIÓN: Se plantea que la triamcinolona subtenoniana constituye una alternativa para el manejo de este tipo de pacientes.OBJECTIVE: To describe the behaviour of iris rubeosis after using intravitreal triamcinolone. METHODS: A longitudinal descriptive study was performed on 25 patients for a total number of 32 eyes with several ocular diseases. Statistical tests were made with the study variables; sign comparison for paired data and Chi square tests were applied. The variables were age, sex, cause of iris rubeosis and its staging, symptoms and treatment with retinal photocoagulation laser. RESULTS: Proliferative diabetic retinopathy was the most common

  19. Endométrio na janela de implantação em mulheres com síndrome dos ovários policísticos Endometrium in women with polycystic ovary syndrome during the window of implantation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ione Maria Ribeiro Soares Lopes

    2011-12-01

    Full Text Available O endométrio humano é submetido a uma complexa série de mudanças proliferativas e secretórias em cada ciclo menstrual e exibe somente pequeno período de receptividade, conhecido como "janela de implantação", necessário para a nidação do blastocisto no útero. O processo da implantação ocorre de forma sequencial, levando ao estabelecimento da gravidez. Alterações morfofuncionais durante este período podem impedir ou dificultar a implantação. Por este motivo, o estudo do endométrio nesta fase é importante para o aprimoramento de terapias que possam interferir nos mecanismos envolvidos na interção materno-embrionária. Várias doenças ginecológicas, incluindo a síndrome dos ovários policísticos (SOP, estão associadas à diminuição da fecundidade e da receptividade uterinas. Apesar de recentes avanços nas técnicas de reprodução assistida, permitindo a seleção de embriões de alta qualidade, a taxa de implantação continua baixa e não tem aumentado suficientemente nas últimas décadas. O presente artigo tem como objetivo revisar os aspectos endometriais da "janela de implantação" em mulheres com a síndrome dos ovários policísticos, focando especialmente as moléculas de adesão. Para tanto, nos valemos da análise de 105 artigos publicados em revistas indexadas no PUBMED nos últimos 50 anos (até maio de 2011. Como conclusão, a receptividade endometrial parece ser o maior fator limitante no estabelecimento da gestação em grande número de doenças ginecológicas, incluindo a SOP, e o tratamento para melhorar as taxas de implantação possivelmente será nessa direção.The human endometrium undergoes to a complex series of prolifertive and secretory changes in each menstrual cycle and displays only a short period of receptivity, known as the "window of implantation", necessary for the implantation of the blastocyst in the uterus. The implantation process occurs in a sequential manner, leading to the

  20. Expressão de marcadores de proliferação celular e apoptose no carcinoma espinocelular de pele e ceratose actínica Expression of cell proliferation and apoptosis biomarkers in skin spinocellular carcinoma and actinic keratose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilho Tadeu Dornelas

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: O câncer de pele é o mais frequente tipo de câncer humano e mostra aumento de sua incidência. Em muitos casos, antes do surgimento do carcinoma, instala-se uma lesão precursora, ceratose actínica, podendo evoluir para carcinoma espinocelular. Estudos buscam determinar os parâmetros com significado prognóstico na predição daqueles tumores que terão comportamento mais agressivo. OBJETIVO: Avaliar a expressão dos marcadores de proliferação celular (PCNA, Ki-67 e apoptose (p53, Bcl-2, em portadores de carcinoma espinocelular e ceratose actínica. MÉTODO: Foram estudadas amostras de 30 pacientes: sendo dez portadores do carcinoma espinocelular; dez de ceratose actínica e dez indivíduos livres de lesões submetidos à blefaroplastia. RESULTADOS: A proteína p53 foi expressa em todos os casos estudados, embora apresentassem padrões quantitativos diferentes. O Bcl-2 foi expresso em baixa intensidade. Em seis casos de ceratose actínica, nas peles de blefaroplastia, e negativo nos casos de carcinoma espinocelular. O PCNA exibiu expressão intensa, em todas as amostras. O Ki-67 apresentou expressão variável, nos casos de carcinoma e de ceratose, e negativo na pele de pálpebra. CONCLUSÃO: A expressão do Ki-67 e a não-expressão de Bcl-2, no grupo CEC, indica intensificação da atividade proliferativa. Ao passo que, a maior expressão de p53 e Bcl-2, no grupo CA, sugere imortalização celular.BACKGROUND: Skin cancer is the most frequent type of human cancer and has shown an increase in its incidence. In many cases, before the onset of the carcinoma, there might be a precursor lesion - actinic keratosis, which can develop into squamous cell carcinoma. Studies have been carried out in order to etermine the parameters that have prognostic significance in predicting those tumors which have more aggressive behavior. OBJECTIVE: To evaluate the expression of markers of cell proliferation (PCNA, Ki-67 and apoptosis (p53,Bcl-2

  1. Effect of conjugated equine estrogens and tamoxifen administration on thyroid gland histomorphology of the rat Os efeitos dos estrogênios conjugados equinos e do tamoxifeno na histomorfologia da glândula tireóide de ratas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Bittencourt de Araujo

    2006-08-01

    élulas foliculares foi observada nos animais tratados com ECE (14,90 ± 0,20 µm, TAM (14,90 ± 0,10 µm e no grupo com ovários intactos (15,10 ± 0,50 µm, comparando-se aos controles ovariectomizados (GI (9,90 ± 0,20 µm (p<0,001. A maior área folicular foi detectada nos grupos tratados com ECE (2.225 ± 51 µm² e com TAM (2.127 ± 67 µm², comparado ao veículo (5.016 ± 53 µm² em animais ooforectomizados. Os níveis de T4 e T3 nos grupos tratados com ECE, com TAM e no grupo com ovários intactos foram maiores do que no grupo tratado com veículo (p<0,001. O índice do PCNA no grupo tratado com veículo foi menor do que em todos os outros grupos. CONCLUSÃO: Nossos dados sugerem que a administração de ECE e TAM resulta em atividade proliferativa na tireóide.

  2. Exogenous lipoid pneumonia caused by chronic improper use of baby body oil in adult patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Doubková

    2013-09-01

    Full Text Available Introduction: Exogenous lipoid pneumonia (ELP is an uncommon condition resulting from aspirating or inhaling fatlike material. These substances elicit a foreign body reaction and proliferative fibrosis in the lung. Case report: We report a case of a 38-year-old woman with bilateral pulmonary infiltration. There were no clinical symptoms of this infiltration at diagnosis. The infiltration was found coincidentally during the pre-operation examination before surgery. A chest computed tomography scan revealed bilateral lung consolidation, particularly in the S6 area on the right side. The transthoracic lung biopsy led to suspicion of ELP. Precise anamnesis confirms the diagnosis of ELP caused by chronic improper use of baby body oil. Two years after discontinuing “baby body oil therapy”, a chest CT scan revealed partial regression of pulmonary infiltration. Conclusion: The diagnosis of exogenous lipoid pneumonia is often difficult as symptoms, signs, and radiographic findings are all rather non-specific. We would like to emphasize the role of precise case history in better identification of ELP. Resumo: Introdução: A pneumonia lipoide exógena (ELP é uma condição incomum resultante da aspiração ou inalação de material gorduroso. Estas substâncias provocam uma reação a corpo estranho que pode resultar em fibrose pulmonar proliferativa. Caso clínico: Neste trabalho relatamos o caso de uma doente de 38 anos com infiltrado pulmonar bilateral. Não houve sintomas resultantes desta infiltração infiltração no momento do diagnóstico. Esta alteração imagiológica foi encontrada, por acaso, durante o exame pré-operatório. A tomografia computadorizada do tórax revelou consolidação pulmonar bilateral, particularmente na área S6 do lado direito. A biópsia transtorácica pulmonar conduziu a uma suspeita de ELP. Uma análise precisa do histórico da paciente

  3. Trema micrantha como causa de pneumopatia tóxica em ovinos: reprodução experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flademir Wouters

    Full Text Available A intoxicação experimental por Trema micrantha em cinco ovinos é descrita. Quatro ovinos apresentaram sinais clínicos respiratórios acentuados e morte após ingestão da terceira dose de folhas da planta. As manifestações clínicas mais frequentes nesses casos foram taquipneia, dispneia, retração ritmada das narinas, mucosas cianóticas, corrimento nasal mucoso, hipertermia, aumento de volume abdominal bilateral e na região parotídea, incluindo crepitação à palpação, membros lateralmente afastados ao caminhar e decúbito esternal. T. micrantha mostrou-se tóxica para ovinos na dose de 20-50g/kg de peso animal. Na necropsia desses ovinos foram observados, além das mucosas cianóticas, enfisema subcutâneo em região cervical ventral ou porção mediastinal dorsal, pulmões não colabados, pesados, com impressão das costelas na superfície e conteúdo espumoso vermelho em traqueia e brônquios, além de múltiplas petéquias subpleurais. Na avaliação histológica predominaram alterações pulmonares, com espessamento de septos alveolares por proliferação difusa de pneumócitos tipo II, conferindo aspecto adenomatoso a algumas áreas. Os pneumócitos apresentavam núcleo volumoso, hipercromático, ora bizarro ou eram multinucleados, com nucléolos evidentes e, em algumas áreas, os pneumócitos estavam descamados para a luz alveolar, ora formando sincícios. Havia também proliferação do epitélio bronquiolar, com formação de mais de uma camada celular, núcleos hipercromáticos e volumosos e redução na quantidade de cílios. As alterações proliferativas dos pneumócitos e do epitélio bronquiolar foram evidenciadas pela imunomarcação anti-citoqueratina e anti-Ki-67 e, para a diferenciação entre pneumócitos e macrófagos alveolares, foi empregada imuno-histoquímica anti-mieloide/histiócitos (MAC387. Um ovino apresentou quadro clinico-patológico de insuficiência hepática aguda, com necrose hepatocelular

  4. Células-tronco do líquido amniótico Amniotic fluid stem cells

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio P. Bydlowski

    2009-05-01

    Full Text Available Desde o primeiro isolamento e cultivo de células-tronco embrionárias humanas, há mais de 10 anos, seu uso na pesquisa e terapia foi inibida por considerações éticas complexas e pelo risco de transformação maligna destas células indiferenciadas após transplante no paciente. As células-tronco adultas são eticamente aceitas e o risco de transformação maligna é muito baixo. Entretanto, seu potencial de diferenciação e sua capacidade proliferativa são limitados. Cerca de 6 anos atrás, a descoberta de célulastronco no líquido amniótico que expressavam Oct-4, um marcador específico de pluripotencialidade, com alta capacidade de proliferação e diferenciação, iniciou um novo campo promissor na área das células-tronco. Estas células têm potencial de se diferenciar em células dos três folhetos germinativos. Não formam tumores in vivo e não levantam os questionamentos éticos associados com as células-tronco embrionárias humanas. Futuras investigações revelarão se as células-tronco do líquido amniótico realmente irão representar um tipo intermediário com vantagens em relação tanto às células-tronco embrionárias quanto às adultas. Este artigo faz uma revisão acerca destes tópicos e das características biológicas das células-tronco do líquido amniótico.Since the first successful isolation and cultivation of human embryonic stem cells about 10 years ago, their use for research and therapy has been constrained by complex ethical considerations as well as by the risk of development of malignancies of undifferentiated embryonic stem cells after transplantation into the patient. Adult stem cells are ethically acceptable and the risk of tumor development is low. However, their differentiation potential and proliferative capacity are limited. About 6 years ago, the discovery of Oct-4 expressing amniotic fluid stem cells, a specific marker of pluripotency, with a high proliferative capacity, and multilineage

  5. The proliferative cytokines TGF-β and VEGF in pleural effusions post-coronary artery bypass graft

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António MS Chibante

    2006-07-01

    Full Text Available Coronary artery bypass graft (CABG surgeries can impact on the pericardium and pleural space, leading to inflammation which can cause effusion. Aim: To study the role of the proliferative cytokines TGF-β and VEGF in the fluids of 16 transudates and 43 pleural effusions of patients who underwent CABG at the Heart Unit and Pulmonology Unit of the University Hospital of São Paulo. Levels of cytokines were assessed 2, 24 and 48 hours post-surgery. Results: The pleural effusion after CABG is an exsudative mobilizer of TGF-β and VEGF cytokines immediately after surgery. The TGF-β concentrations were elevated 2 hours after surgery but started to fall soon after, reaching transudate levels after 48 hours. VEGF levels were high in the first 2 hours post surgery and tended to maintain the same concentrations for at least 48 hours after surgery. Conclusions: Based on the results obtained, TGF-β is a cytokine that seems to work as a trigger, leading the pleural mesothelial cell to express VEGF a cause of pleural effusion in CABG surgeries. Resumo: A cirurgia de revascularização do miocárdio envolve o acometimento, tanto do pericárdio como da pleura, conduzindo ao favorecimento de processos inflamatórios responsáveis pelo desenvolvimento de derrames nestes compartimentos. Objectivo: Estudar o comportamento das citocinas proliferativas TGF-β (factor beta de transformação do crescimento e VEGF (factor de crescimento do endotélio vascular nos líquidos de 16 transudatos e de 43 derrames pleurais de doentes submetidos a cirurgias de revascularização do miocárdio provenientes do Instituto de Coração e do Serviço de Pneumologia da Universidade do São Paulo nos intervalos de 2, 24 e 48 horas de pós-operatório. Resultados: O derrame pleural pós-revascularização do miocárdio é um exsudato mobilizador de TGF-β e VEGF no pós-operatório imediato. Os níveis de TGF

  6. Padrões morfológicos de lesão glomerular e correlação com achados clinicolaboratoriais de 43 crianças com síndrome nefrótica Morphologic patterns of glomerular lesion and correlation with clinical and laboratory findings of 43 children with nephrotic syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Camegaçava Riyuzo

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a associação entre os parâmetros clinicolaboratoriais e alteração morfológica de biópsias renais em crianças com síndrome nefrótica. MÉTODOS: Os dados foram obtidos dos prontuários médicos de 43 crianças com síndrome nefrótica submetidas a biópsia renal. RESULTADOS: Vinte e oito pacientes eram do sexo masculino (65,1%, idades entre 1,4 a 12 anos (média de 4,7±3,2. Quarenta e dois pacientes (97,7% apresentaram edema; 83,7%, oligúria e 32,5%, hipertensão arterial. A média de proteinúria foi 15,3g/1,73m²SC/dia e 55,8% apresentaram hematúria microscópica. As biópsias renais mostraram: glomerulonefrite proliferativa mesangial (GNPM em 37,2%, glomeruloesclerose segmentar e focal (GESF em 27,9%, alterações glomerulares mínimas (LM em 25,6%, glomerulonefrite membranoproliferativa (GNMP em 7% e glomerulonefrite membranosa (GNM em 2,3%. Vinte e seis pacientes (60,5% apresentaram resistência ao corticosteróide. Idade, sexo, hipertensão arterial, oligúria, uréia e creatinina séricas não mostraram diferenças estatísticas significativas entre os pacientes com GNPM, GESF e LM. Os pacientes com GNPM e GESF apresentaram maior freqüência de hematúria microscópica (p OBJECTIVES: To evaluate the association between clinical features and laboratory findings with the morphological changes in children with nephrotic syndrome. METHODS: The data were obtained from medical records of 43 children with nephrotic syndrome submitted to renal biopsy. RESULTS: Twenty-eight patients were male (65.1%, aged 1.4-12 years (mean 4.7 ± 3,2. Forty-two patients (97,7% presented edema, 83.7% oliguria and 32.5% hypertension. The mean of proteinuria was 15.3g/1.73m² BSA per day and 55.8% presented microscopic hematuria. Renal biopsies showed: proliferative mesangial glomerulonephritis (PMGN in 37.2%, focal segmental glomerulosclerosis (FSGS in 27.9%, minimal change disease (MCD in 25.6%, membranoproliferative

  7. Perfil das doenças glomerulares em um hospital público do Distrito Federal Profile of glomerular diseases in a public hospital of Federal District, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Humberto Ribeiro Paes Ferraz

    2010-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As doenças glomerulares são uma causa frequente de doença renal crônica, sobretudo nos países em desenvolvimento. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi determinar o perfil destas glomerulopatias em um hospital público da cidade de Brasília, Distrito Federal. MÉTODOS: Foram realizadas 121 biopsias renais pela equipe de nefrologia do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN entre agosto de 2005 e maio de 2009. Foram excluídas oito biopsias realizadas em pacientes transplantados renais e analisados os prontuários dos 113 pacientes restantes. Dados analisados: sexo, idade, exames laboratoriais, síndrome glomerular, diagnóstico clínico, grau de fibrose intersticial, uso de imunossupressores, necessidade de diálise e desfecho clínico. RESULTADOS: A média de idade foi 34,9 ± 16,2 anos, com predomínio masculino (51,3%. As principais síndromes glomerulares foram: síndrome nefrótica (41,6% e glomerulonefrite rapidamente progressiva (35,4%. Entre as glomerulopatias primárias, houve predomínio da glomeruloesclerose segmentar e focal (26,9% e da nefropatia por IgA (25% e entre as secundárias a nefrite lúpica (50% e a glomerulonefrite proliferativa exsudativa difusa (34,2%. A maioria dos pacientes fez uso de imunossupressores (68,1% e quase um terço deles (29,2% necessitou de diálise durante a internação. Evoluíram para terapia dialítica crônica 13,3% dos pacientes e 10,6% evoluíram a óbito. CONCLUSÃO: Este estudo poderá contribuir para melhor entendimento epidemiológico das doenças glomerulares no Distrito Federal, orientando na adoção de políticas públicas visando permitir rápido diagnóstico e manejo clínico das mesmas.INTRODUCTION: Glomerular diseases are a frequent etiology of chronic kidney disease, especially in the developing countries. OBJECTIVE: To determine the profile of such glomerulopathies in a public hospital located in the city of Brasilia, Federal District. METHODS: 121 renal biopsies in

  8. Envolvimento renal na salmonelose septicêmica prolongada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Carvalho Filho

    1977-10-01

    Full Text Available Numa análise de 68 pacientes com o diagnóstico de salmonelose septicêmica prolongada (doentes com a forma hépato-esplênica da esquistossomose mansônica, e bactérias do gênero Salmonella isoladas do sangue, demonstrou-se que 28 deles (41,2% apresentaram, concomitantemente, proteinúria e alterações significantes do sedimento urinário (hematúria, leucocitúria e cilindrúria. Destes doentes 3 apresentaram quadro de síndrome nefrótica e quatro se apresentaram urêmicos. Em 10 doentes foi realizado estudo histológico dos rins, havendo em 5, glomerulonefrite proliferativo membranoss, em 2 esclerose glomerular focal, 1 paciente apresentou glomerulonefrite proliferativa mesangial e um apenas alterações histológicas mínimas. Infecção do trato urinário por Salmonella (a mesma isolada do sangue foi observada em 3 casos. A ocorrência do mesmo padrão histológico de alteração glomerular observado na glomerulopatia da esquistossomose sugeriu que o principal determinante da lesão glomerular foi, provavelmente, a infecção por S. mandoni. A elevada prevalência de alterações urinárias, em muitos casos desaparecendo com o tratamento da salmonelose, sugeriu que a infecção bacteriana contribuiu para o aparecimento das manifestações clínicas da nefropatia provavelmente através mecanismo imunológico. O achado de nefrite intersticial mais freqüente e intensa nestes casos do que naqueles apenas com esquistossomose também sugere uma peculiaridade desta condição provavelmente de natureza imunológica.In a study of 68 cases of prolonged salmonella bacteremia (patientes with hepatosplenic schistosomiasis mansoni and bacteremia due to a Salmonella sp, 28 of them (41,2%j showed proteinúria and alterations of the urinary sediment (hematuria, leucocyturia and casts. Three of these patientes presented with a nephrotic syndrome and 4 of them had high blood urea leveis. Kidney histology was obtained in nine cases, showing membrano

  9. Evaluation of the effects of S-methylisothiourea hemisulfate, an inducible nitric oxide synthase inhibitor, on the healing of colonic anastomosis in rats Avaliação dos efeitos da S-metilisotiouréia, um inibidor da enzima óxido nítrico sintase induzível, na cicatrização de anastomoses colônicas em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romulo Medeiros de Almeida

    2012-12-01

    /nitrato no soro. RESULTADOS: Houve mais neoformação vascular (p=0,006 e de granulação (p=0,002 no grupo E3, e maior infiltração de mononucleares no grupo C3 (p=0,041. Houve também mais edema no grupo C14 (p=0,008. Não houve diferença estatisticamente significativa na resistência tênsil, a dosagem de nitrito / nitrato, e os restantes parâmetros histopatológicos. CONCLUSÃO: A utilização do hemissulfato de S-metilisotiouréia acelerou a cicatrização das anastomoses colônicas, a melhoria ocorreu no terceiro DPO: verificou-se que a fase proliferativa da cicatrização foi acelerada. Não houve interferência na resistência tênsil das anastomoses.

  10. Effects of chondroitin sulfate and sodium hyaluronate on chondrocytes and extracellular matrix of articular cartilage in dogs with degenerative joint disease Efeitos do sulfato de condroitina e do hialuronato de sódio nos condrócitos e na matriz extracelular na cartilagem articular de cães com doença articular degenerativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Gonçalves

    2008-02-01

    Full Text Available Samples of articular cartilage of femur, tibia and patella of 15 dogs with experimentally induced degenerative joint disease (DJD were microscopically analyzed. Animals were distributed into three groups (n=5: the control group received no medication; the second group was treated with chondroitin sulfate and the third received sodium hyaluronate. Samples were processed and stained with HE and toluidine blue for morphological evaluation. The metabolic and proliferative activity of the chondrocytes was evaluated by the measurement of nucleolar organizer regions (NORs after impregnation by silver nitrate. Significant differences were not observed (P>0.05 in the morphology among the groups, however, the group treated with sodium hyaluronate had a higher score suggesting a trend to a greater severity of the lesions. Significant differences were not observed (P>0.05 in the measurement of NORs, cells and NORs/cells among the groups. Although differences were not significant, sodium hyaluronate group showed higher NOR and cell counts which suggested an increase of the proliferation rate of chondrocytes. In addition, a higher NOR/cell ratio in the group treated with chondroitin sulfate suggested that this drug may have stimulated the metabolic activity of the chondrocytes, minimizing the lesions resulting from DJD.Foram utilizadas amostras de cartilagem articular do fêmur, tíbia e patela de 15 cães com doença articular degenerativa (DAD, induzida experimentalmente. Foram constituídos três grupos de cinco animais: grupo 1 - controle, não medicado; grupo 2 - tratado com sulfato de condroitina e grupo 3 - tratado com hialuronato de sódio. As amostras foram processadas e coradas pelas técnicas de HE e de azul de toluidina para avaliação das alterações morfológicas, e impregnadas pelo nitrato de prata para análise da atividade metabólica e/ou proliferativa dos condrócitos, por meio da visualização e quantificação de regiões organizadoras

  11. Henoch-Schönlein purpura in adults: a case series from a multidisciplinary study group Púrpura de Henoch-Schönlein em adultos: uma série de casos de um grupo de estudo multidisciplinar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Boris A. Cruz

    2006-12-01

    é menos conhecida. OBJETIVOS: descrever uma série de pacientes adultos com PHS. PACIENTES E MÉTODOS: membros do Grupo Mineiro de Estudo das Vasculites foram convidados a reportar pacientes com PHS apresentando-se na idade adulta. Foi realizada revisão padronizada de prontuários. RESULTADOS: 11 pacientes, dois homens e nove mulheres, com idade + desvio padrão (DP de 39,4 +/- 20,1 anos foram estudados. Nove pacientes apresentaram púrpura; sete apresentaram artrite; quatro apresentaram envolvimento gastrintestinal e dez (91% pacientes apresentaram glomerulonefrite (GN. Oito pacientes foram submetidos à biópsia renal. Seis deles apresentaram GN endocapilar proliferativa e dois apresentaram apenas proeminência mesangial mínima. Em outros três pacientes, o diagnóstico de PHS foi confirmado através de biópsia de pele. Todos os pacientes receberam corticóide, em cinco associado a outros agentes imunossupressores. Após seguimento (média + DP 39,0 + 64,6 meses, quatro pacientes (36% apresentaram comprometimento da função renal, mas apenas um (9% desenvolveu insuficiência renal terminal e foi submetido a transplante renal com sucesso. Após o seguimento, sete (64% estão em remissão completa e quatro em remissão parcial. CONCLUSÃO: em adultos, PHS representa uma entidade clínica distinta, com maior freqüência de envolvimento renal e vasculite sistêmica mais grave. Entretanto, o prognóstico nesta série foi tão bom quanto em crianças, talvez pela terapia imunossupressiva mais vigorosa.

  12. Timomas malignos – A experiência do IPO do Porto e revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berta Sousa

    2007-07-01

    Full Text Available Resumo: Introdução: Os tumores epiteliais tímicos (TET, a maioria timomas, são neoplasias desenvolvidas a partir das células epiteliais do timo e constituem cerca de 30% das massas do mediastino anterior em adultos. Os timomas são constituídos por células sem características citológicas de malignidade, sendo o comportamento maligno determinado pela invasão da cápsula e estru-turas adjacentes. Estes tumores apresentam um amplo espectro de características clínicas e morfológicas, e as pequenas séries de doentes conhecidas tornam difícil o estabelecimento de um tratamento standard.Material e métodos: Efectuouse um estudo retrospectivo dos doentes admitidos com diagnóstico de ti moma no Instituto Português de Oncologia - Centro do Porto (IPO-Porto, de 1983 a 2004. Foram anali-sadas as suas características clínicas, classificação histológica segundo a OMS, o estadiamento de Masaoka, e a sua relação com as modalidades de tratamento. Procedeu-se à revisão dos registos clínicos destes doentes e revisão do material histológico para a classificação segundo critérios da OMS de 1999.Resultados: No IPO-Porto, entre 1983 e 2004, fo-ram tratados 28 doentes com TET. Destes, 21 eram timomas invasivos, sendo estes o objecto deste estudo. Dos dados demográficos salienta-se que eram 11 homens, 10 mulheres, com uma idade mediana de 55 anos (24-79 anos. A classificação histológica da OMS foi a seguinte: 2 doentes (9,5% Tipo A, 6 (28,6% tipo AB, 4 (19% tipo B1, 2 (9,5% tipo B2, 7 (33,4% tipo B3. O estadiamento segundo Masaoka foi 9 doentes (42,8% com estádio II, 6 (28,6% com estádio III e 6 (28,6% com estádio IVa. A maioria dos doentes apresentava sintomas locais à apresen-tação, com apenas 1 doente com diagnóstico de aplasia eritrocitária e 5 com Mastenia gravis (MG.Os 6 doentes submetidos apenas a ressecção cir

  13. A intervenção da célula epitelial na asma The role of the epithelial cell in asthma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabela Mota Pinto

    2009-05-01

    Full Text Available Faz -se uma revisão da intervenção da célula epitelial brônquica na fisiopatologia da asma. O epitelio que reveste as vias respiratórias actua como uma barreira física, separando o meio externo do meio interno pulmonar, controla a permeabilidade intercelular e transcelular, e, deste modo, a acessibilidade dos agressores inalantes as células apresentadoras de antigenio envolvidas na resposta imunoinflamatoria. As células epiteliais unidas por tight junctions contribuem para a integridade das vias aéreas e expressam poliovirus receptor-related protein (PRR, toll like receptors (TLR e protease -activated receptors (PAR, que reconhecem agentes bacterianos e alergenios. A sua disfuncao transforma -as em fonte de mediadores intervenientes na inflamação. A interacção bidireccional entre, por um lado, o epitelio e os elementos constitutivos do brônquio e por outro, as partículas inaladas, tem subjacente a formação de uma unidade, com identidade propria designada EMTU - epithelial mesenchymal trophic unit. Esta extensa intervencao coloca a célula epitelial no centro de accao da cronicidade e remodelacao do processo asmático. As doenças infecciosas e o stress ambiental sao capazes de induzir alterações a nível da célula epitelial susceptíveis de modificar a sua resposta a estimulações futuras, nomeadamente a ampliar a resposta a outras agressões infecciosas por acção sinérgica das vias de sinalização. O epitelio brônquico tem assim funções de barreira que lhe permite exercer uma permeabilidade selectiva, a nível intracelular e transcelular, e ainda metabolicamente activo pelas capacidade de produzir mediadores quimiotacticos e citocinas envolvidos no recrutamento e na activação celular, com repercussão na broncomotricidade e na remodelação da parede brônquica.It is done a review of the intervention of the epithelial bronchial cell in the pathophysiology of asthma. The respiratory epithelium acts as a physical

  14. Avaliação da resposta terapêutica nas alergias oculares por meio da citologia esfoliativa Evaluation of the therapeutic response in ocular allergies through exfoliative cytology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haroldo de Lucena Bezerra

    2003-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a resposta terapêutica das alergias oculares por meio da citologia esfoliativa de material obtido de raspado conjuntival. MÉTODO: Foi realizada citologia esfoliativa conjuntival mediante estudo prospectivo em quarenta e seis olhos de vinte e três pacientes com conjuntivite alérgica. Foram realizadas três colheitas: (1 na fase aguda (pré-tratamento, (2 após uso de corticosteróides (tratamento A e (3 após uso de estabilizador de membrana de mastócitos (tratamento B, e que foram submetidas à coloração pelo método de Giemsa. RESULTADOS: Dos vinte e três pacientes, cinco (21,7% eram do sexo feminino e dezoito (78,3% do sexo masculino, com média de 10,8 anos. Dezoito (78,3% apresentaram conjuntivite primaveril e cinco (21,7% ceratoconjuntivite atópica. Após análise estatística da citologia conjuntival, o número de células epiteliais degeneradas foi maior para os dois grupos de tratamento em relação à citologia pré-tratamento. A contagem de neutrófilos foi estatisticamente menor no grupo de tratamento A em relação ao tratamento B e pré-tratamento. Quanto aos eosinófilos, os dois tratamentos apresentaram distribuição percentual estatisticamente menor do que o pré-tratamento. O número de monócitos foi estatisticamente menor após o tratamento A do que o grupo B e o pré-tratamento. CONCLUSÃO: A citologia esfoliativa conjuntival mostrou-se um teste apropriado para avaliar a resposta terapêutica nas alergias oculares.PURPOSE: To evaluate the therapeutic response of ocular allergies through exfoliative cytology of conjunctival scrappings. METHOD: Conjunctival exfoliative cytology was performed through a prospective study in forty six eyes of twenty-three patients with clinical diagnosis of allergic conjunctivitis. Three scrappings were performed: (1 in the pre-treatment period, (2 after use of corticosteroids (treatment A and (3 after use of mast cell stabilizer (treatment B; in two types of smears

  15. Comparação de métodos para testar a citotoxicidade "in vitro" de materiais biocompatíveis Comparison of methods to test an "in vitro" test of cytotoxicity of biocompatible hospital materials

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aurea Silveira Cruz

    1998-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a sensibilidade do método de difusão em ágar e do método de extração utilizando as linhagens celulares RC-IAL (células fibroblásticas de rim de coelho e HeLa (células epiteliais de carcinoma do colo do útero humano, na avaliação da citotoxicidade "in vitro" de materiais de uso médico-hospitalar. MATERIAL E MÉTODO: Foram testadas 50 amostras escolhidas por sorteio, entre as já conhecidamente positivas e negativas e identificadas como: algodão, espuma, borracha, látex, celulose e acrílico. Além, das amostras citadas foram testadas experimentalmente várias concentrações de SDS (duodecil sulfato de sódio nas culturas celulares RC-IAL e HeLa. RESULTADOS: Das 50 amostras testadas , 44 (88% foram positivas para os dois métodos. Mas quando comparado o SDS nos dois métodos foram observados resultados positivos nas concentrações de 0,5 a 0,05 µg/ml no método de difusão em ágar e no método de extração somente foi observado efeito citotóxico até a concentração de 0,25 µg/ml. CONCLUSÃO: Os resultados encontrados são similares aos observados por outros autores que testaram materiais como, por exemplo, ligas metálicas. Quando foi usado o SDS observou-se, nas duas linhagens celulares, diferenças favoráveis ao método de difusão em ágar em duas concentrações, isto é, a sensibilidade deste método foi significantemente maior, por inspecção, em relação ao método de extração, além de se constituir em método mais simples de ser realizado.OBJECTIVE: A comparison of the sensitivity of the agar diffusion method with that of extraction using cell-lines RC-IAL (fibroblastic of rabbit kidney and HeLa (epithelial carcionoma cells from the cervix uteri of the humam uterus, in the in vitro evaluation of materials of medical and hospital. MATERIAL AND METHODS: Fifteen samples chosen at random, from among the already known positives and negatives in our stock, were tested and identified as cotton

  16. Histopathological aspects of Bovine Enzootic Hematuria in Brazil Aspectos histopatológicos da Hematúria Enzoótica Bovina no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vargas Peixoto

    2003-06-01

    , oriundos dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Amazonas.Verificou-se, em termos qualitativos, quase uma perfeita identidade com as lesões de bexiga observadas em seres humanos. Comparações mais exatas com relação à freqüência dessas alterações ficaram prejudicadas, dadas a ocorrência de duas ou mais neoplasias em um mesmo animal e as diferenças da metodologia empregada ou do conceito de classificação. Coexistência entre neoplasias diversas, epiteliais e/ou mesenquimais, foi vista com freqüência. Neoplasias ou diferenciações raras, ainda não descritas na bexiga de bovinos, como carcinoma trabecular com diferenciação em células de Paneth, adenoma e adenocarcinoma mesonefróides, carcinoma "signet ring" (anel de sinete, carcinoma plasmocitóide, carcinoma de células cromófobas e carcinoma transicional tipo ninhado foram observadas na bexiga de alguns animais com HEB. Foram verificados hemangiossarcomas proliferando a partir de hemangiomas.O estudo revelou, ainda, a ocorrência de diversos tumores com anaplasia e carácter infiltrativo acentuados, incapazes, porém, de metastizarem. O esclarecimento da(s causa(s dessa "barreira à metástase" e suas relações com a carcinogênese química induzida pelo ptaquilosídeo, o princípio ativo de Pteridium aquilinum, talvez possa ser de interesse em futuros estudos que visem combater o câncer no homem e nos animais.

  17. PCNA and p53 expression in oral leukoplakia with different degrees of keratinization Expressão do PCNA e p53 em leucoplasias de mucosa jugal com diferentes graus de queratinização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melaine de Almeida Lawall

    2006-08-01

    -se às camadas basal e parabasal, enquanto a do PCNA ocorreu em praticamente todas as camadas epiteliais. O padrão de expressão desses marcadores foi histologicamente e estatisticamente semelhante entre as lesões com esta variação de queratinização. Ficou evidente que os epitélios não displásicos das leucoplasias possuem sinais sub-microscópicos de alterações direcionadas à transformação maligna e o grau de queratinização não se correlacionou ao maior risco desse acontecimento.

  18. Adenocarcinoma renal metastático em uma Codorna Japonesa (Coturnix coturnix japonica Metastatic renal adenocarcinoma in a Japanese Quail (Coturnix coturnix japonica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Assis Casagrande

    2011-11-01

    Full Text Available Uma codorna japonesa (Coturnix coturnix japonica, fêmea, adulta com 2 anos apresentou parada de postura, emagrecimento, aumento de volume abdominal e morte. Ao exame macroscópico, observou-se ascite, pulmão esquerdo difusamente esbranquiçado, massas esbranquiçadas, de aproximadamente 1,0cm de diâmetro, na região caudal do lobo direito do fígado e na serosa da moela; massas de 0,1 a 0,5cm no mesentério e serosa intestinal; e uma massa de 5,0x2,0cm na fossa do sinsacro, que acometia 90% do parênquima renal e estendia-se ao ovário e oviduto. Na avaliação histopatológica da neoformação renal, observou-se proliferação de células epiteliais formando túbulos, que muitas vezes não apresentavam lúmen, sustentados por um estroma fibrovascular escasso associado à necrose multifocal. As células neoplásicas eram cuboidais, núcleos redondos a ovalados, nucléolos evidentes, citoplasma abundante e eosinofílico, pleomorfismo moderado e poucas figuras mitóticas. Metástases foram observadas de forma difusa no ovário, oviduto e pulmão esquerdo; multifocal na serosa do intestino e focal no fígado e camadas muscular e serosa da moela. Na avaliação imuno-histoquímica, as células tumorais foram positivas para a citoqueratina (clones AE1+AE3 e negativas para a citoqueratina 5/6, o CD10 e a fosfatase alcalina placentária. De acordo com a localização, achados morfológicos e o perfil imuno-histoquímico, conclui-se que o presente relato trata-se de um adenocarcinoma renal metastático.A 2-year-old Japanese quail (Coturnix coturnix japonica, female, which stopped egg production presented: weight loss, increased abdominal volume, and death. Macroscopically, it was observed: ascites, whitish left lung, whitish masses measuring 1.0cm in diameter in the caudal right lobe of the liver and in the gizzard serosa; 0.1-0.5cm masses in the mesentery and intestinal serosa; and a 5.0x2.0cm mass in synsacral area that encompassed 90% of the renal

  19. Aspectos clínicos e patológicos da intoxicação por Sida carpinifolia (Malvaceae em caprinos no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Colodel Edson M.

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho inclui os estudos clínicos e patológicos da doença de armazenamento lisossomal induzida pelo consumo espontâneo de Sida carpinifolia. A enfermidade foi observada em três rebanhos, que juntos eram compostos por 51 caprinos, dos quais, 25 foram afetados e 11 necropsiados. Nos três surtos, S. carpinifolia era a vegetação predominante nos piquetes ocupados pelos animais. Clinicamente, a doença caracterizou-se por distúrbios neurológicos que consistiam de ataxia, hipermetria, posturas anormais, tremores musculares afetando principalmente as regiões da cabeça e pescoço, dificuldade para ingestão de alimentos e quedas freqüentes. Estes sinais clínicos eram exacerbados pela movimentação. Em alguns animais, embora com um quadro clínico estabilizado, as alterações neurológicas persistiram durante 24 meses após sua retirada dos piquetes infestados por S. carpinifolia. A doença foi reproduzida administrando-se S. carpinifolia, in natura ou seca à sombra, para 3 caprinos. Um caprino recebeu Sida rhombifolia, ad libidum, por 40 dias e não desenvolveu alterações clínicas ou patológicas. Na necropsia não havia alterações. Microscopicamente, as principais alterações foram distensão e vacuolização citoplasmáticas em neurônios e, em menor intensidade, em células da glia do sistema nervoso central. Alterações similares foram observadas em células acinares pancreáticas, hepatócitos, células tubulares renais, células foliculares epiteliais da tireóide e macrófagos de órgãos linfóides. Nos animais que não mais ingeriam S. carpinifolia por períodos de um mês ou mais, observou-se uma diminuição da vacuolização citoplasmática de neurônios, que apresentavam citoplasma eosinofílico e aspecto enrugado. Nestes casos, notou-se também desaparecimento neuronal especialmente em células de Purkinje e gliose local. Em cortes cerebelares, esta doença de armazenamento foi caracterizada como ?-manosidose

  20. Caracterização das áreas hemófagas da placenta bovina Characterization of hemophagous areas of the bovine placenta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana M.M. Cazerta

    2007-06-01

    Full Text Available A região específica da interface materno-fetal corresponde à zona arcada do placentônio ovino e caprino. Em pequenos ruminantes esta área é também caracterizada por sangue materno extravasado (áreas hemófagas. É possível que o ferro seja transferido para o feto por eritrofagocitose trofoblástica nestas áreas. Para investigar as áreas hemófagas na placenta bovina, foram analisados placentônios de 34 vacas zebuínas gestantes (dois a três, quatro a seis, sete a oito, e nove meses de prenhez. O material foi fixado com solução aquosa de formaldeído a 10% e paraformaldeído a 4%, em tampão fosfato, pH 7,4, 0,1M, sendo processado e corado para microscopia de luz e histoquímica. Os hematomas placentários foram observados entre o epitélio uterino e trofoblástico, a partir de três meses de prenhez. A presença de eritrócitos nas células trofoblásticas elucidou a eritrofago-citose. A reação histoquímica de Perl's permitiu provar a existência de ferro férrico no trofoblasto. A reação de PAS foi po-sitiva, marcando substância mucóide nas células epiteliais e, principalmente, nas células binucleadas do epitélio fetal. Baseando-se nas características histológicas e histoquímicas, inferimos que as áreas hemófagas são sítios importantes para a transferência de ferro na placenta bovina.The specific region of maternal fetal interface needs to be clarified and corresponds to the "arcade zone" of sheep and goat placentomes. In small ruminants that area is also characterized by macroscopic blood extravasation (hemophagous areas. This occurs possibly because the iron is transferred to the embryo by trophoblastic erytrophagocytosis in these hemophagous placental areas. In order to investigate the hemophagous placental areas in cattle, placentomes of 34 pregnant Bos indicus cows (2-3, 4-6, 7-8 and 9 months of gestation were analyzed. They were fixed by perfusion with 10% formaldehyde aqueous solution and 4

  1. PERFIL CITOLÓGICO VAGINAL DE OVELHAS DA RAÇA SANTA INÊS NO ACOMPANHAMENTO DO CICLO ESTRAL VAGINAL CYTOLOGY PROFILE FOR ACCOMPANIMENT TO ESTROUS CYCLE IN BREED SANTA INÊS EWES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Adamir Torres de Souza

    2007-09-01

    Full Text Available

    O objetivo deste trabalho foi investigar o perfil citológico vaginal em ovelhas da raça Santa Inês, durante um ciclo estral completo. Selecionaram-se cinco fêmeas cíclicas criadas em sistema semi-intensivo, na Fazenda Pe-dras Santa em Araguaína, TO. Prepararam-se os esfregaços vaginais diariamente nas ovelhas cujo estro foi detectado por um rufião. Confeccionou-se um esfregaço vaginal por fêmea, em lâminas de vidro secas à temperatura ambiente e fixadas em álcool a 95%. Em seguida, foram coradas pelo método panótico rápido. As lâminas foram observadas ao microscópio óptico de luz com aumentos de 10 x e 40 x para contagem de 100 células por lâmina. Analisaram-se as características morfológicas e tintoriais das células epiteliais ao longo do ciclo estral, levando em consideração tanto as variáveis de cada fase do ciclo estral – proestro, estro, metaestro e diestro –, bem como os tipos celulares encon-trados – basal, parabasal, intermediária e anucleada. Os valores foram estudados por meio de ANOVA, ao nível de probabilidade de 5% pelo teste de Tukey. Na fase de estro, notou-se uma diferença do tipo celular superficial anucleada sobre os demais tipos (P<0,05. Concluiu-se que, através da citologia vaginal esfoliativa, podem-se diferenciar as fases do ciclo estral em ovelhas da raça Santa Inês.

    PALAVRAS-CHAVES: Ciclo estral, citologia vaginal, epitélio vaginal, ovelhas.

    The objective of this work was to establish a vaginal cytological profile in ewe of the Race Saint Inês, during a complete estrous cycle. Five created cyclical females in half-intensive system had been selected, in the Farm Rocks Saint, Araguaína, TO. The vaginal smears had been made daily during the estrous cycle, detected for a ruffian. One was confectioned vaginal smears for female, in dry glass slides to the ambient temperature and settled in alcohol 95% and in followed. They had been staining by the fast panótico method

  2. Uso da medicação homeopática no tratamento da ceratoconjuntivite primaveril: resultados iniciais Treatment of vernal keratoconjunctivitis with homeopathic medicine: a preliminary report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Maciel de Sena

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar os primeiros resultados do uso da Homeopatia entre os pacientes com conjuntivite primaveril, avaliados no Serviço de Córnea e Doenças Externas do Hospital São Geraldo. MÉTODOS: Foram incluídos no presente estudo 13 pacientes apresentando ceratoconjuntivite primaveril, examinados no período de janeiro de 1998 a dezembro de 1999. A idade média dos pacientes foi de 9,5 anos, sendo nove do sexo masculino e quatro do sexo feminino. Todos os pacientes já haviam feito uso de corticóide tópico antes da sua inclusão no estudo. Antes de iniciar o tratamento homeopático, todos os pacientes foram examinados por um dos autores, sendo acompanhados pelo mesmo médico, mensalmente até os seis meses e depois trimestralmente até completar um ano do tratamento homeopático. O tratamento homeopático foi realizado por meio de uma dose única, via oral, baseando-se na totalidade sintomática do paciente. RESULTADOS: A porcentagem de melhora dos sinais e sintomas, entre os pacientes, foi de: lacrimejamento e dor ocular 100%; secreção ocular 92%; sensação de corpo estranho 86%; prurido e fotofobia 84%; relatavam diminuição ou ausência do desconforto que a ceratoconjuntivite primaveril provocava nas suas atividades diárias 84%; nódulos de Trantas 62,5%; hiperemia conjuntival 61%; erosões epiteliais 58% e hipertrofia da papila tarsal 8%. CONCLUSÃO: Este estudo sugere efeito benéfico da medicação homeopática no tratamento da ceratoconjuntivite primaveril, com melhora dos sinais e sintomas da doença. Sugere-se a realização de estudo duplo-cego, com maior número de casos, para a confirmação desses resultados.PURPOSE: To present a preliminary report of homeopathic medicine in the treatment of vernal keratoconjunctivitis, at the Cornea service, of the São Geraldo Hospital. METHODS: Thirteen patients with vernal keratoconjunctivitis, examined from January 1998 to December 1999, were included in the present study

  3. Tarsorrafia: aplicações em um Serviço de Córnea Tarsorrhaphy: applications in a Cornea Service

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrick Frensel de Moraes Tzelikis

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as principais indicações de tarsorrafia em Serviço de Córnea, bem como as taxas de sucesso e possíveis complicações do procedimento. MÉTODOS: Foram avaliados, retrospectivamente, todos os pacientes submetidos a tarsorrafia no período de 1 de janeiro de 2002 a 30 de dezembro de 2002 no Hospital São Geraldo, Universidade Federal de Minas Gerais. Avaliou-se idade e sexo do paciente, indicação da tarsorrafia, duração dos sinais e sintomas antes da tarsorrafia, tempo para reepitelização corneana, tipo de tarsorrafia, complicações da tarsorrafia, número de tarsorrafias e duração do acompanhamento. RESULTADOS: Foram encontrados 18 pacientes submetidos a tarsorrafia. As indicações para tarsorrafia foram úlcera de exposição (27,8%, defeito epitelial persistente associado a transplante de córnea (38,8%, úlcera neurotrófica (11,1%, síndrome do olho seco (5,6%, síndrome de Stevens-Johnson (11,1% e queimadura química (5,6%. Dos 18 pacientes que apresentavam defeito epitelial, 15 pacientes (83,3% apresentaram epitelização completa com a tarsorrafia. A duração média de sinais e sintomas antes da tarsorrafia foi de 98,7 ± 48,6 dias, e o tempo para epitelização após a cirurgia foi de 53,2 ± 22,8 dias. Do total de 18 tarsorrafias, duas (11,1% foram temporárias e 16 (88,9% permanentes. As complicações relacionadas ao procedimento cirúrgico foram abertura precoce da tarsorrafia, triquíase e granuloma piogênico. CONCLUSÃO: A tarsorrafia se mostrou procedimento de fácil realização, sendo bastante segura e eficaz no tratamento de defeitos epiteliais, com taxa de sucesso de 83,3% e com poucas complicações.PURPOSE: To evaluate the main indications for tarsorrhaphy in a Corneal Service, as well as success rate and possible complications. METHODS: All patients who underwent tarsorrhaphy from January 1st, 2002 to December 30th, 2002, in São Geraldo Eye Hospital - Federal University of Minas Gerais

  4. Diagnóstico citológico de Ascus: sua importância na conduta clínica Cytological diagnosis of Ascus: its importance in clinical conduct

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daisy N.O. Lima

    2002-01-01

    Full Text Available O termo "atipia de células escamosas de significado indeterminado" (Ascus foi introduzido, em 1988, pelo Sistema Bethesda. A conduta clínica nesses casos é controversa. Outra dificuldade é a falta de uniformização de critérios citológicos dessa anormalidade, resultando em taxas de ocorrência discrepantes. Neste trabalho, estudamos 111 casos, incluídos nesta categoria citológica, concorrendo para uma taxa de 2,4% detectada num universo de 4.634 exames citológicos no período de um ano. Todas as pacientes foram avaliadas colposcopicamente, concomitantemente à colheita do material citológico cervicovaginal. Destas, 80 (72% apresentavam anormalidades ao exame colposcópico, sendo realizadas 38 biópsias dirigidas (34%. A histopatologia mostrou cervicite crônica e/ou hiperplasia simples do epitélio malpighiano em 39% dos exames, com os 61% restantes apresentando lesões intra-epiteliais escamosas, variando de baixo grau em 20 casos (52% a alto grau em três (9%. Predominaram os casos de infecção pelo HPV (39%. Estas taxas comprovam a estreita relação de Ascus com lesões pré-neoplásicas, inclusive aquelas de alto grau. Diante do significado clínico de Ascus estabelecido neste estudo, consideramos ser indicada biópsia dirigida em todos os casos de anormalidade colposcópica concomitante, sendo a histopatologia o meio mais fidedigno na avaliação destes casos.The category atypical squamous cells of undetermined significance (Ascus, it was introduced in 1988 by the Bethesda System. The clinical conduct in such cases is controversial. Another difficulty is the lack of uniformity as to cytological criteria of this abnormality and as a result we have different rates of the ocurrence. The total number of Ascus in the present series was of 2.4% in respect to 111 cases, detected in an universe of 4,634 cytologic exams in the period of one year. All patients have been submitted to a colposcopic evaluation at the same time as the

  5. Citologia de impressão no diagnóstico de infecção corneana por Acanthamoeba: relato de caso Diagnosis of Acanthamoeba corneal infection by impression cytology: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeison de Nadai Barros

    2007-03-01

    Full Text Available Relatamos três casos de infecção corneana por Acanthamoeba sp em que foi possível detectar cistos do microorganismo com a técnica de citologia de impressão. Três pacientes encaminhados ao Laboratório de Doenças Externas Oculares em 2004 com alterações superficiais da córnea foram submetidos ao exame de citologia de impressão para investigação da presença de cistos de Acanthamoeba sp. Duas amostras foram obtidas da córnea de cada paciente e coradas com PAS, hematoxilina e Papanicolaou. Investigação microbiológica de rotina e cultura também foram realizadas após raspado da córnea. O cultivo das amostras e a citologia de impressão foram positivas para Acanthamoeba sp em todos os pacientes, ao passo que os raspados corados com Giemsa foram positivos em dois casos. A citologia de impressão revelou cistos de Acanthamoeba sp entre feixe de células epiteliais corneanas e como células isoladas. Foram observados cistos no epitélio de um dos pacientes com a citologia de impressão após três meses de tratamento, enquanto o raspado foi negativo. No exame anatomopatológico observaram-se cistos no epitélio e estroma de uma córnea receptora de um dos pacientes após transplante. Neste estudo, a citologia de impressão detectou com sucesso cistos de Acanthamoeba sp em pacientes com acometimento epitelial. Por tratar-se de método não invasivo, a técnica pode ser usada para facilitar o diagnóstico mais precoce da infecção por Acanthamoeba, sendo útil também no acompanhamento do tratamento da doença.To describe three cases of corneal infection due to Acanthamoeba sp in which was possible to detect Acanthamoeba sp cysts by the corneal impression cytology technique. Three patients referred to the External Eye Disease Laboratory in 2004 with superficial corneal alterations were submitted to corneal specimen collection by impression cytology filter paper to investigate the presence of Acanthamoeba sp cysts. Two impression

  6. Intoxicação por Portulaca elatior (Portulacaceae em caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauco J.N. Galiza

    2011-06-01

    Full Text Available Um surto de intoxicação espontânea por Portulaca elatior foi diagnosticado no município de Aroeiras, Paraíba, na época das chuvas. Entre os meses de fevereiro e abril, em um rebanho de 316 caprinos, 16 adoeceram, sendo 15 de um lote de 16 caprinos que tinham sido introduzidos recentemente na fazenda e um animal do rebanho já existente na fazenda. Os caprinos apresentaram intensa salivação, relutância em se movimentar, tremores de lábios, marcha incoordenada, diarreia, timpanismo, dor abdominal, gemidos, desidratação e berros constantes. A evolução da enfermidade variou de 2 a 48 horas; 13 caprinos morreram e três se recuperaram. As lesões macroscópicas caracterizavam-se por mucosa ruminal e do retículo avermelhadas, serosa do rúmen hemorrágica, mucosa abomasal avermelhada com áreas ulceradas e mucosa do intestino delgado com equimoses. No exame histopatológico observou-se degeneração e necrose das células epiteliais dos pré-estômagos com formação de vesículas e infiltrado inflamatório neutrofílico. Suspeita de ter causado o surto, Portulaca elatior foi administrada a três caprinos nas doses de 40, 20 e 10 gramas de planta fresca por kg de peso animal (g/kg. Esses caprinos apresentaram sinais semelhantes aos casos espontâneos. Os animais que ingeriram 20 e 40g/kg morreram e o que ingeriu 10g/kg se recuperou. Microscopicamente foram observadas lesões do sistema digestivo semelhantes às dos casos espontâneos. A reprodução experimental da intoxicação, com sinais clínicos e lesões histológicas semelhantes às dos casos espontâneos, comprova que a doença foi causada por Portulaca elatior. P. elatior apresentou níveis de oxalatos de 6,37% e outra planta, identificada como Blutaparon vermiculare e que ocorria em grande quantidade nas pastagens, apresentou níveis de oxalatos de 5,29%. B. vermiculare foi administrada experimentalmente a um caprino na dose de 40g/kg, sem que o animal apresentasse sinais cl

  7. Prevalence of cervical intraepithelial neoplasia and invasive carcinoma based on cytological screening in the region of Campinas, São Paulo, Brazil Prevalência da neoplasia intra-epitelial cervical e do carcinoma invasivo com base no rastreamento citológico na região de Campinas, São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Gabriela L. d'Ottaviano-Morelli

    2004-02-01

    Full Text Available This study aimed to estimate and analyze the prevalence of cervical intraepithelial neoplasia (CIN and invasive cervical carcinoma based on cytological diagnosis. The study included 120,635 women undergoing cytological exams in public health services in the region of Campinas, São Paulo State, Brazil, between September 1998 and March 1999. Prevalence rates per 100,000 women were: 354 for CIN I; 255 for CIN II; 141 for CIN III; and 24 for invasive carcinoma. As age increased, prevalence rates and prevalence ratios decreased for CIN grades I and II and increased for CIN III until the 50-54 age group, decreasing thereafter The prevalence rate of invasive carcinoma increased with age. The prevalence pattern of CIN II was distinct from that of CIN III, but similar to that of CIN I. This would not have been observed if the Bethesda System had been used for cytological diagnosis. Mean age at time of CIN II diagnosis was about 10 years less than for CIN III diagnosis. Therefore, a high-grade lesion diagnosed in a young woman according to the Bethesda System would probably be a CIN II, whereas in an older woman it would probably be a CIN III.O objetivo deste estudo foi estimar e analisar a prevalência das neoplasias intra-epiteliais cervicais (NIC e do carcinoma invasivo do colo uterino, com base no diagnóstico citológico. Foram incluídas 120.635 mulheres que realizaram o exame citológico, entre setembro de 1998 a março de 1999, nos serviços públicos de saúde da região de Campinas, Brasil. As prevalências por 100 mil mulheres foram: 354 para NIC I; 255 para NIC II; 141 para NIC III e 24 de carcinoma invasivo. À medida que a idade aumentou, as prevalências e razões de prevalência diminuíram para NIC I e NIC II, e aumentaram para NIC III até 50-54 anos, decrescendo após. A prevalência do carcinoma invasivo aumentou com a idade. O padrão da prevalência da NIC II é distinto do padrão da NIC III e semelhante ao da NIC I, o que n

  8. Macroscopic and microscopic study of tissue response to oral antiseptics and its influence on carcinigenesis Estudo macro e microscópico da resposta tecidual frente ao uso de anti-sépticos bucais e sua influência na carcinogênese

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Lopes Cardoso

    2005-09-01

    B durante o período de 13 e 20 semanas conforme metodologia de estudo da carcinogênese desenvolvida pela Disciplina de Patologia da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo. Após a morte dos animais removeu-se a língua que foi fixada em formalina 10%. Durante a macroscopia não se observaram alterações significantes e as peças cirúrgicas foram processadas conforme os procedimentos histotécnicos de rotina para coloração com HE. Três cortes seriados de cada um dos terços linguais foram avaliados e características relacionadas a hiperqueratinização, atrofia, hiperplasia e displasia epiteliais foram organizados em tabelas. Apesar da observação de displasia moderada em um caso do grupo de 20 semanas do Anapyon, os demais resultados apresentaram-se muito semelhantes ao do grupo controle (soro fisiológico, eliminando a necessidade de testes estatísticos comparativos. Através de tal metodologia, testando a ação iniciadora da carcinogênese dos anti-sépticos bucais, concluímos que não são capazes de desencadear o desenvolvimento de uma neoplasia.

  9. Cisto linfoepitelial oral: relato de quatro casos e revisão de 119 casos apresentados na literatura Oral lymphoepithelial cyst: report of 4 cases and review of 119 cases reported in the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo Rodrigues Juliasse

    2010-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O cisto linfoepitelial oral é uma lesão incomum, assintomática e de pequenas dimensões, geralmente descoberto durante exames de rotina da cavidade bucal. OBJETIVO: Relatar quatro casos de cisto linfoepitelial oral, confrontando seus aspectos com aqueles reportados em outros 119 casos publicados na literatura. RELATO DOS CASOS: Três casos em mulheres, com idade entre 16 e 23 anos, e um caso em homem, com 45 anos, caracterizados por nódulos assintomáticos, de pequenas dimensões e coloração variando do branco ao amarelado. Dois casos estavam localizados na superfície ventral da língua, um em assoalho bucal e outro em orofaringe. Histologicamente, as lesões revelaram cavidade cística contendo quantidade variável de células epiteliais descamadas, revestida por epitélio pavimentoso estratificado, predominantemente paraceratinizado, de interface plana com o tecido conjuntivo. A cápsula fibrosa exibiu um denso infiltrado linfocítico, com identificação de centros germinativos em apenas dois casos. CONCLUSÃO: A análise conjunta dos casos apresentados neste trabalho e de outros 119 casos relatados na literatura revela que os cistos linfoepiteliais orais exibem predileção pelo gênero masculino, com ápice de incidência na terceira década de vida. Em geral, essas lesões se apresentam como pequenos nódulos assintomáticos localizados no assoalho bucal. Histologicamente, a maioria dos casos revela epitélio cístico com padrão de maturação paraceratinizado e exibe centros germinativos na cápsula fibrosa.INTRODUCTION: The oral lymphoepithelial cyst is a rare, asymptomatic lesion with small dimensions, commonly discovered during routine examination of the oral cavity. OBJECTIVE: To report four cases of oral lymphoepithelial cyst and compare their aspects with other 119 cases reported in the literature. CASE REPORT: Three cases in women, age range 16 to 23, and one case in a 45-year-old man, all of them presenting

  10. Uso combinado da laserterapia de baixa potência e da inibição da ciclooxigenase-2 na reepitelização de ferida incisional em pele de camundongos: um estudo pré-clínico Combined use of low level laser therapy and cyclooxygenase-2 selective inhibition on skin incisional wound reepithelialization in mice: a preclinical study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia Helena Santuzzi

    2011-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: A laserterapia de baixa potência e os inibidores seletivos da ciclooxigenase-2 (ICOX2 vem sendo muito utilizados para modular a resposta inflamatória, entretanto, os seus efeitos na reepitelização de feridas não são bem compreendidos. OBJETIVO: Avaliar os efeitos isolados e combinados da laserterapia de baixa potência e da ICOX2 na reepitelização de ferida incisional na pele de camundongos. MÉTODO: Foi induzida uma ferida de 1 cm no dorso de cada camundongo, que foram divididos em quatro grupos (N=20: Controle, Laserterapia, Tratados com celecoxib e Terapia conjugada. Os animais dos grupos celecoxib e Terapia conjugada foram tratados com celecoxib por 10 dias antes da incisão cutânea. As feridas experimentais foram irradiadas com laserterapia de baixa potência He-Ne (632nm, dose: 4J/cm2 em varredura, por 12 segundos durante três dias consecutivos nos grupos Laserterapia e Terapia conjugada. Os animais foram sacrificados no 3º dia de pós-operatório. Amostras das feridas foram coletadas e coradas (Tricromio de Masson para análise histomorfométrica. RESULTADOS: Tanto o grupo Laserterapia, quanto o grupo celecoxib, mostrou aumento da reepitelização cutânea em relação ao grupo Controle, entretanto, o grupo Terapia conjugada não apresentou diferenças. Quanto à queratinização o grupo Laserterapia e Terapia conjugada apresentaram redução dos queratinócitos, comparados com o grupo Controle. CONCLUSÕES: Os resultados mostram que o uso da laserterapia de baixa potência e da ICOX2 isoladamente aumentam as células epiteliais, mas somente a laserterapia de baixa potência reduziu os queratinócitos cutâneos. O tratamento conjugado restabelece a reepitelização inata e dimunui a queratinização, embora ocorra uma acelerada contração da ferida com melhora na organização da ferida na pele de camundongos.BACKGROUND: Low level laser therapy and cyclooxygenase-2 (ICOX2 selective inhibitors have been widely used

  11. Brain tissue aspiration neural tube defect Aspiração de tecido cerebral em casos de defeitos de fechamento do tubo neural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Cesar Peres

    2005-09-01

    Full Text Available The study aimed to find out how frequent is brain tissue aspiration and if brain tissue heterotopia could be found in the lung of human neural tube defect cases. Histological sections of each lobe of both lungs of 22 fetuses and newborn with neural tube defect were immunostained for glial fibrillary acidic protein (GFAP. There were 15 (68.2% females and 7 (31.8% males. Age ranged from 18 to 40 weeks of gestation (mean= 31.8. Ten (45.5% were stillborn, the same newborn, and 2 (9.1% were abortuses. Diagnosis were: craniorrhachischisis (9 cases, 40.9%, anencephaly (8 cases, 36,4%, ruptured occipital encephalocele and rachischisis (2 cases, 9.1% each, and early amniotic band disruption sequence (1 case, 4.5%. Only one case (4.5% exhibited GFAP positive cells inside bronchioles and alveoli admixed to epithelial amniotic squames. No heterotopic tissue was observed in the lung interstitium. We concluded that aspiration of brain tissue from the amniotic fluid in neural tube defect cases may happen but it is infrequent and heterotopia was not observed.O objetivo do estudo foi identificar qual a freqüência de aspiração de tecido cerebral e a existência de heterotopia nos pulmões de casos humanos de defeito de fechamento do tubo neural através da reação imuno-histoquímica para proteína fibrilar glial ácida (GFAP em cortes histológicos de todos os lobos de ambos os pulmões de 22 casos de fetos e neonatos com defeito de fechamento do tubo neural. Havia 15 casos femininos (68,2% e 7 masculinos (31,8%, com idade gestacional variando de 18 a 40 semanas (média= 31,8, sendo natimortos e neomortos 10 (45,5% cada e 2 (9,1% abortos. Os diagnósticos foram: Craniorraquisquise (9 casos, 40,9%, anencefalia (8 casos, 36,4%, encefalocele occipital rota e raquisquise (2 casos, 9,1% e 1 (4,5%caso de seqüência de disruptura amniótica precoce. Somente 1 caso (4,5% apresentou células positivas dentro de bronquíolos e alvéolos em meio a células epiteliais

  12. Alterações morfológicas induzidas por butirato, propionato e lactato sobre a mucosa ruminal e epiderme de bezerros: II. Aspectos ultra-estruturais Lactate, propionate, and butyrate induced morphological alterations on calf ruminal mucosa and epidermis: II. Ultra-structurals aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.F. Costa

    2008-02-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de ácidos graxos voláteis (AGV sobre a integridade do epitélio no rúmen, no plano nasolabial, na epicera e no perioplum traseiro e dianteiro de bezerros e validou-se a feitura de biópsias tegumentares como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal. Dezessete bezerros, com sonda no rúmen, receberam infusões intra-ruminais de AGV ou salina, durante 37 dias. Aos 89 dias de vida, após o abate, foram colhidas amostras dos tecidos. Os AGV aumentaram a área de epitélio total e a área de células metabolicamente ativas no epitélio ruminal, embora o butirato não tenha induzido ao desenvolvimento papilar. A área de epitélio não queratinizado no plano nasolabial foi reduzida pela infusão de AGV. Butirato e lactato foram mais indutores de alterações patológicas no epitélio ruminal. Não foram observadas lesões histológicas nos epitélios do plano nasolabial, da epicera e do perioplum, mostrando que essas são conseqüências do efeito direto dos AGV sobre o epitélio ruminal. Os efeitos indireto e direto dos AGV sobre a morfologia dos tecidos epiteliais queratinizados não foram iguais. Biópsias tegumentares podem ter utilidade como indicadores de alterações morfológicas da mucosa ruminal.The effect of volatile fatty acids (VFA on rumen wall, epidermis of nasolabial surface, perioplum, and epicera of calves was evaluated. The experiment also aimed to validate the procedure of tegument biopsies as indicators of ruminal mucosa alterations. Seventeen neonatal calves with foley catheters received intraruminal infusions of VFA or saline, during 37 days. At 89-day-old, the animals were slaughtered and tissue samples were collected from rumen, nasolabial surface, epicera, and perioplum from face and hindquarters. VFA infusion increased total epithelium area and metabolically active ruminal cell area; although butirate did not induce the papilar development. The effect of nasolabial surface VFA

  13. Estudo piloto dos efeitos da terapia hormonal sobre o tecido mamário normal de mulheres após a menopausa A pilot study of the effects of hormone therapy on normal breast tissue of postmenopausal women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Elias

    2006-11-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliou-se o tecido mamário de mulheres antes e depois de seis meses de terapia estroprogestativa combinada contínua (0,625 mg de estrogênios conjugados eqüinos associados a 2,5 mg de acetato de medroxiprogesterona. MÉTODOS: todas as pacientes foram avaliadas antes de se instituir o tratamento e consideradas aptas para este. Foram obtidos fragmentos de tecido mamário por meio de biópsia percutânea com agulha grossa (acoplada a um propulsor automático - "core-biópsia". O material foi fixado e os cortes corados por hematoxilina-eosina. Avaliou-se a densidade epitelial e o volume nuclear do epitélio mamário antes e após a terapia hormonal. Esses parâmetros morfométricos foram analisados graficamente com auxílio do programa Imagelab 2000 ®, após captura da imagem microscópica pelo sistema Vidcap 32. Esse programa permite que sejam selecionadas as áreas de interesse, possibilitando o cálculo de área, volume ou a relação da área ocupada entre diferentes estruturas. RESULTADOS: depois do uso da terapia, o volume nuclear nas mulheres em que o tratamento foi instituído em período mais tardio após a menopausa mostrou um aumento de cerca de 33% (de 103,6 para 138,1 µm³. A densidade epitelial não se modificou de forma significativa: o valor médio antes da terapia hormonal foi de 0,08 e após de 0,10. CONCLUSÕES: a terapia estroprogestativa combinada contínua empregada por seis meses induziu à alteração no volume nuclear das células epiteliais das mamas, sugerindo aumento de sua atividade metabólica. Provavelmente, esse evento precede outros que confirmariam o estímulo da proliferação celular por esses hormônios.PURPOSE: to analyze breast tissue of postmenopausal women before and after six months of continuous combined estrogen-progestin replacement therapy (0.625 mg conjugated equine estrogens associated with 2.5 mg medroxyprogesterone acetate. METHODS: all patients were evaluated before treatment and

  14. Mucinous adenocarcinoma arising from recurrent perianal fistula in patient with Crohn's disease: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelene Suassuna Silvestre de Alencar

    2014-07-01

    Full Text Available Introduction: Anal carcinoma is a rare variant of epithelial tumors of the anal canal. When associated with chronic and active anal fistulas, usually this is an aggressive cancer that has difficult diagnosis and poor prognosis. Anal fistulas are a common manifestation of Crohn's disease (CD. This study aims to report a case of mucinous adenocarcinoma originating from recurrent perianal fistula in patients with CD. Case report: A man of 43 years, with melanoderma, complaining of perianal tumors, anal pain and mucopurulent secretion, the patient was diagnosed with fistulae. Colonoscopy revealed a chronic inflammatory process associated with villous polypoid lesion in the colonic and rectal mucosa. In a new episode, where it was diagnosed, chronic colitis of rectum and sigmoid was being prescribed sulfasalazine with improvement. There were relapses and the patient underwent repeated fistulectomias. After investigation, CD was diagnosed. Computed tomography (CT of abdomen and pelvis showed multiple perineal and gluteal collections, and the patient underwent abdominoperineal resection of the rectum. Anatomopathological exam showed invasive mucinous adenocarcinoma. A new CT showed residual growth of the lesion. The patient was referred to the oncology referral service, where chemotherapy and radiotherapy were planned. The patient developed unfavorably, and his death occurred two months after treatment. Resumo: Introdução: Carcinoma anal é uma rara variante de tumores epiteliais do canal anal. Quando associado a fístulas anais crônicas e ativas, geralmente é um câncer agressivo que possui difícil diagnóstico e mau prognóstico. Fístulas anais são uma manifestação comum da doença de Crohn (DC. Este estudo tem como objetivo relatar um caso de adenocarcinoma mucinoso originado de fístula perianal recidivante em paciente com DC. Relato de caso: Homem de 43 anos, com melanoderma e queixas de tumorações na região perianal, dor anal e secre

  15. Intoxicação natural e experimental por Metternichia princeps (Solanaceae em caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana da Silva Prado

    2012-09-01

    Full Text Available Entre os anos de 2007 e 2009 ocorreu uma doença nefrotóxica de evolução subaguda com alta mortandade em caprinos em uma propriedade no município de Itaguaí, estado do Rio de Janeiro. Levantou-se a suspeita de que Metternichia princeps, planta pertencente à família Solanaceae, seria a causa. Através de experimentação em caprinos o quadro clínico-patológico de intoxicação por esta planta e a dose letal foram estabelecidos. Na experimentação foram utilizados 12 caprinos de diferentes raças, de ambos os sexos, jovens a adultos, com pesos acima de 15 kg. Os animais que receberam as doses de 30g/kg em 5 dias, 15g/kg em 3 dias, doses únicas de 10g/kg e de 5g/kg, morreram. Dos três animais que receberam as doses únicas de 2,5g/kg, dois morreram e um não apresentou sinais clínicos e o animal que recebeu a dose única de 1,25g/kg, também não apresentou sinais clínicos. O início dos sinais clínicos após a administração da planta variou entre 7h e 46h45min. A evolução variou entre 3h6min e 126h40min. Os primeiros sinais clínicos apresentados foram inapetência, adipsia, apatia e relutância ao movimento. Em seguida os animais entravam em decúbito esternal e ao serem colocados em estação, mantinham os membros anteriores flexionados, apoiavam apenas os posteriores no chão até evoluírem para flexão dos quatro membros e seguia-se o decúbito lateral. À necropsia destacaram-se o edema de tecido adiposo perirrenal, rins pálidos e, ao corte, com estriação esbranquiçada desde o córtex até a região medular. À histopatologia foi verificada acentuada necrose coagulativa das células epiteliais dos túbulos uriníferos. Comparativamente aos casos naturais, os caprinos intoxicados experimentalmente por M. princeps apresentaram quadro clínico-patológico semelhante. Desta maneira foi comprovado que Metternichia princeps é responsável pela doença nefrotóxica em caprinos no Rio de Janeiro; a menor dose que causou a

  16. Helicobacter spp. infection in dogs is not associated with changes in epithelial proliferation or E-cadherin expression in gastric mucosaInfecção por Helicobacter spp. em cães não está associada com alterações na proliferação epitelial ou na expressão de E-caderina na mucosa gástrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bracarense

    2012-02-01

    primers espécie-específicos para H. heilmannii, H. bizzozeronii ou H. salomonis, H. felis e H. pylori. As lesões da mucosa foram avaliadas por hematoxilina e eosina (HE e a proliferação epitelial foi determinada pelos métodos AgNOR e PCNA. A adesão celular foi avaliada por meio da expressão de E-caderina nas células epiteliais. Helicobacter spp. foi confirmado em 75,7% (28/37 e 73,0% (27/37 das amostras por WS e PCR, respectivamente. H. bizzozeronii foi a espécie mais frequentemente detectada (37%; e coinfecção foi observada em seis (22% cães. As alterações histológicas na lâmina própria foram gastrite crônica discreta, fibrose, degeneração glandular e presença de agregados linfóides. Houve associação significativa entre a infecção por H. heilmannii e a presença de folículos linfóides (p <0,046. Neste estudo, nenhuma alteração significativa foi verificada na proliferação epitelial ou na expressão de E-caderina na mucosa gástrica de cães infectados com Helicobacter spp.

  17. Infecção natural pelo Vírus Sincicial Respiratório Bovino (BRSV no Estado de Alagoas Spontaneous BRSV infection in cattle of the state of Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo V. Peixoto

    2000-12-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de infecção pelo vírus sincicial respiratório bovino (BRSV em bezerros descendentes de animais das raças pardo-suíça e holandesa importados da Alemanha, Áustria, Suíça e Uruguai, na qual morreram em Alagoas, Brasil, pelo menos 220 cabeças, de 1995 até a presente data. O quadro clínico caracterizou-se por hipertermia, tosse seca, mais tarde dispnéia acentuada e por vezes lacrimejamento; à auscultação havia estertores secos, depois úmidos, com sibilos, muitas vezes audíveis à distância. O exame histológico revelou pneumonia intersticial com formação de células sinciciais, infiltração predominantemente linfocitária com presença de eosinófilos e de corpúsculos de Russel, proliferação de pneumócitos tipo II e leve metaplasia escamosa. Células epiteliais de bronquíolos e células sinciciais marcaram-se positivamente com o anticorpo anti-BRSV. A ocorrência da enfermidade no Sul e agora no Nordeste do Brasil indica a necessidade de se promover um amplo levantamento epidemiológico para se avaliar o grau de perdas e a proporção de animais infectados no país. Lembramos que parte dos animais importados, ao que tudo indica, já estavam infectados nos países de origem, quando desembarcaram em Belém, Pará.Cases of bovine respiratory syncytial virus (BRSV infection affecting calves in the State of Alagoas, Brazil, are described. At least 220 calves, which were the progeny of Brown Swiss and Holstein Friesian cattle imported from Germany, Austria, and Uruguay, have died from the disease since 1995. Clinical signs included fever, dry cough, serous ocular discharge and, towards the final stages, marked dyspnea. On auscultation there were loud and harsh breathing sounds, and a strong wheezing could be heard from a distance. Histopathology of the lung revealed interstitial pneumonia associated with syncytial cells and infiltration by lymphocytes and eosinophils. A few plasma cells containing

  18. Avaliações clínico-patológicas e laboratoriais da intoxicação experimental por monofluoroacetato de sódio em ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago C. Peixoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar se a administração de doses únicas e de frações diárias da dose letal de monofluoroacetato de sódio (MF a ovinos induzem a clássica degeneração hidrópico-vacuolar (DHV dos túbulos uriníferos contornados distais observada no rim de bovinos intoxicados por plantas brasileiras que causam "morte súbita" (PBCMS. MF foi administrado, por via oral, em doses únicas de 0,5 e 1,0mg/kg, cada dose para dois ovinos, e em doses subletais repetidas diariamente de 0,1mg/kg/dia, por quatro dias, e 0,2mg/kg/dia por seis dias, cada dose para um ovino. Todos os ovinos que receberam MF morreram, exceto um que recebeu 0,5mg/kg e não mostrou sintomas. A evolução da intoxicação variou de 3min a 33h5min. Clinicamente os animais apresentaram taquicardia, respiração abdominal, tremores musculares, ligeira perda de equilíbrio, por vezes cambaleavam, deitavam e apoiavam a cabeça no flanco. Na fase final, os ovinos caíam em decúbito lateral, esticavam os membros, faziam movimentos de pedalagem, apresentavam opistótono e morriam. O exame ecocardiográfico evidenciou dilatação cardíaca e redução da fração de encurtamento sistólico. A análise dos níveis séricos de uréia e creatinina revelou moderada a acentuada azotemia. MF provocou "morte súbita" em todos os ovinos que mostraram sintomas. À necropsia verificaram-se aurículas e veias jugulares, cavas, ázigos e pulmonares moderadamente ingurgitadas e, em alguns animais, edema pulmonar. O exame histopatológico revelou, em todos os ovinos, leve a acentuada DHV das células epiteliais dos túbulos contornados distais, associada à picnose nuclear. Adicionalmente, verificaram-se discreta vacuolização e, por vezes, necrose de coagulação de hepatócitos. Não encontramos referências a esse tipo peculiar de lesão, exceto das descrições sobre lesões renais associadas à ingestão de PBCMS e de recentes estudos em bovinos intoxicados com MF. Este

  19. Aplicações das dosagens de inibinas em Ginecologia e Obstetrícia Clinical usefulness of inhibin assays in Gynecology and Obstetrics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Marcos dos Reis

    2009-12-01

    Full Text Available Na mulher, a principal fonte de inibina B são as células da granulosa de folículos em crescimento, enquanto a inibina A é secretada principalmente pelo corpo lúteo e pela placenta. Em mulheres inférteis submetidas a terapias de reprodução assistida, a inibina B se mostrou útil para predizer má resposta ovulatória, embora não tenha superado o desempenho de outros marcadores. No rastreamento pré-natal da síndrome de Down, a utilidade da inibina A foi repetidamente confirmada no segundo trimestre e começa a ser considerada também na bateria de testes do primeiro trimestre. Além das duas aplicações acima, a dosagem de inibina total pode contribuir para a identificação de casos de insuficiência ovariana autoimune. A inibina total também pode ser um marcador auxiliar no diagnóstico de tumores epiteliais do ovário, enquanto a dosagem de inibina B auxilia no diagnóstico de tumores de células da granulosa. O uso da inibina A pode se estender à avaliação de gestantes com ameaça de abortamento, com história de abortamento de repetição, com risco aumentado de pré-eclâmpsia, ou ainda nos primeiros dias de seguimento pós-esvaziamento de mola hidatiforme. Todas essas aplicações continuam em estudo, mas com possibilidade real de virem a ampliar o espectro diagnóstico das dosagens de inibinas em Ginecologia e Obstetrícia.The main source of inhibin B in women is the growing follicle granulosa cells, while inhibin A is mainly produced by the corpus luteum and the placenta. In infertile women submitted to therapies of assisted reproduction, inhibin B has shown to be useful to predict a poor ovulatory response, though it has not yet overcome the performance of other markers. In the pre-natal screening of the Down syndrome, inhibin A has been repeatedly confirmed as useful in the second trimester and has also started to be considered in the first trimester test battery. Besides the two applications above, the dosage of total

  20. Efeito de poluentes químicos cumulativos e mutagênicos durante o desenvolvimento ontogenético de Poecilia vivípara (Cyprinodontiformes, Poeciliidae Effect of cumulative chemical and mutagenic pollutants during ontogenic development of Poecilia vivipara (Cyprinodontiformes, Poeciliidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Maria Teixeira de Sabóia-Morais

    2001-05-01

    Full Text Available Viver em sociedade é uma característica do Homo sapiens, e esta vantagem permitiu-lhe ocupar tantos biomas. Aumento populacional e desenvolvimento tecnológico trouxeram paralelamente acréscimo ao volume de dejetos eliminados nos mananciais de água. Conhecer modelos biológicos que permitam averiguar níveis de contaminação destes mananciais é o propósito desta pesquisa. Células do epitélio branquial do guaru (Poecilia vivípara modificam o seu comportamento em face de variações ambientais, mantendo a homeostasia em condições adversas. Nosso propósito foi conhecer a origem e diferenciação dos tipos celulares no desenvolvimento das brânquias, procurando detectar variações do epitélio branquial em embriões de fêmeas prenhes expostas ao chumbo (poluente cumulativo e mutagênico. Formaram-se dois grupos, o controle e o experimental, que foi exposto à solução de acetato de chumbo a 1 ppm. Observaram-se os embriões nos estágios 24, 30 e 36 (Vernier, 1969, analisados sob microscopia de luz e eletrônica de varredura. Foram quantificados e mensurados os embriões por fêmea. Notou-se a formação dos arcos, filamentos, rastelo e lamelas branquiais. No epitélio, células do cloro se diferenciam primeiro, e no estágio 36 surgem as células mucosas no rastelo branquial. Não houve diferenças morfológicas de células epiteliais das br��nquias entre os grupos. A viviparidade pode ser o fato de explicaçãoLiving in society is a feature of Homo sapiens and this fact gives him the advantage of occupying many biomes. Population increase and technological development brought a growth in the volume of dejects thrown into water sources. Knowledge of biological models that evaluates contamination levels of these sources is the aim of this research. Cells of the branchial epithelium of Poecilia vivipara, popularly known as guaru, modify their behavior in the presence of environmental variations and keep the homeostasis in adverse

  1. Citologia de impressão da superfície ocular: técnica de exame e de coloração Impression cytology of the ocular surface: examination technique and staining procedure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeison de Nadai Barros

    2001-04-01

    Full Text Available Objetivo: Apresentar uma técnica de exame e de coloração de amostras de citologia de impressão da superfície ocular desenvolvida em serviço de referência. Método: Obtiveram-se 28 amostras de citologia de impressão de pacientes com alterações da superfície ocular no Setor de Doenças Externas Oculares no período de julho a novembro de 1999. Coraram-se e avaliaram-se as amostras microscopicamente no Laboratório de Microbiologia Ocular, do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista Medicina. Resultados: Desenvolveu-se um modelo de papel de filtro com ápice, base e abertura lateral, que forneceu seu posicionamento correto no olho no momento da colheita e na lâmina para a fixação e coloração. A técnica de coloração descrita, que usa ácido periódico-Schiff, hematoxilina e Papanicolaou, é um procedimento econômico e fácil, cora as células caliciformes de róseo e as epiteliais de roxo. Conclusões: A técnica de exame mostrou-se ideal na avaliação celular das amostras de citologia de impressão. A citologia de impressão é um método bastante confiável para o estudo da superfície ocular, no acompanhamento da evolução de patologias externas, e provou ser um procedimento realmente simples, mais barato e mais confortável para o paciente que as biópsias invasivas.Purpose: To present an examination technique and to standardize the staining procedure of samples of impression cytology of the ocular surface in a reference service. Methods: 28 samples of impression cytology were obtained from patients with ocular surfaces alterations of the External Eye Diseases Sector in the period of July to November 1999. They were stained and microscopically evaluated in the Ocular Microbiology Laboratory of the Federal University of São Paulo. Results: We developed a design of a filter paper with apex, base and lateral opening that promoted its adequate position both in the eye at collection

  2. Efeito do colírio de 5-fluorouracil sobre o epitélio corneano íntegro de coelhos Effects of 5-fluorouracil eye drops on intact rabbit corneal epithelium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucieni Cristina Barbarini Ferraz

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Observar os efeitos da aplicação tópica de 5-fluorouracil (5-FU sobre o epitélio corneano íntegro. MÉTODOS: Foram utilizados 10 coelhos albinos (14 olhos, divididos em: grupo controle (GC, 4 olhos nos quais não se administraram drogas, grupo 1 (G1, 5 olhos que receberam 5-fluorouracil na concentração 1,25% e grupo 2 (G2, 5 olhos que receberam 5-fluorouracil na concentração de 2,5%. A droga foi instilada 4 vezes por dia, durante 7 dias, quando os animais foram sacrificados, os olhos removidos, separando-se a córnea que foi preparada de modo convencional para estudo em microscópico eletrônico de varredura. RESULTADOS: GC: observaram-se células de formato hexagonal, claras, escuras e intermediárias, compondo o epitélio corneano de coelhos. Presença de numerosas microplicas, principalmente nas células claras. Cada célula possui cerca de 1 a 3 criptas. Nos animais do G1, observou-se maior número de células escuras, regiões com diminuição no número de criptas; alterações da superfície celular, protusão na região do núcleo e descamação de células epiteliais. Os do G2 tiveram aumento de microprojeções na superfície celular, modificações nas junções intercelulares até separação de células adjacentes; diminuição do número e variabilidade no tamanho das criptas. As alterações mais freqüentes ocorreram nas células da periferia da córnea. CONCLUSÃO: O 5-fluorouracil teve efeitos deletérios no epitélio íntegro corneano de coelhos. As alterações observadas foram mais importantes nos animais que receberam a droga mais concentrada (G2 e mais freqüentes na periferia da córnea.PURPOSE: To assess the influence of the antiproliferative agent (5-FU on the intact rabbit corneal epithelium. METHODS: 10 rabbits (14 eyes,were divided into: control group (CG, 4 eyes without drug administration; G1, 5 eyes underwent treatment with topical 12.5 mg/ml 5-fluorouracil and G2, 5 eyes received 5-fluorouracil

  3. OBTENTION METHODS OF RESPIRATORY TRACT CELSS IN HEALTHY SHEEP BY THE TRACHEOBRONCHEAL LAVAGE TECHNIQUE BY NASOTRACHEAL VIA METODOLOGIA DE COLHEITA DE CÉLULAS DO TRATO RESPIRATÓRIO EM OVINOS SADIOS ATRAVÉS DA TÉCNICA DE LAVAGEM TRAQUEOBRÔNQUICA POR VIA NASOTRAQUEAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Calderon Gonçalves

    2008-07-01

    Full Text Available

    The technique of pulmonary cells obtention by nasotracheal intubation was evaluated and the cellular population of 19 healthy sheep was characterized. The animals were hold standing still with head and neck strait; aligned with the vertebral spine and a silicone tube guide till the carina, to introduce a lower caliber tube for precede the tracheobronchial lavage. The average counting of nucleated cells was 64.650 ± 49.674. The cytological analyses of the samples slowed by the average of obtained percentages: 62.74% of macrophages, 15.01% cylindrical epithelial cells, 20.04% of neutrophills, 1.44 of lymphocytes and 0.77% of eosinophills. It was concluded that this methods of sample obtention by nasotracheal intubation to reach the tracheobronchial region was efficient to cytological characterization and cellular differentiation in the obtained samples, being well supported by the animals.

     

    KEY WORDS: Citocentrifugation, cytology, tracheobronchial lavage, sheep.

    Avaliou-se a técnica de colheita de células do trato respiratório em ovinos, por sondagem nasotraqueal, e caracterizou-se a população celular em dezenove ovinos clinicamente sadios. Os animais foram contidos em estação, com cabeça e pescoço estendidos e alinhados com a coluna vertebral. Após a contenção, introduziu-se uma sonda-guia siliconizada até a bifurcação da traquéia, por dentro da qual se passou uma sonda de menor calibre, para realização do lavado traqueobrônquico. A média da contagem de células nucleadas foi de 64.650 ± 49.674. A análise citológica das amostras evidenciou, pelas médias das porcentagens obtidas, 62,74% de macrófagos, 15,01% de células epiteliais cilíndricas, 20,04% de neutrófilos, 1,44% de linfócitos e 0,77% de eosinófilos. Concluiu-se que o método de colheita por sondagem nasotraqueal foi eficiente na obtenção de amostras de regi

  4. Absorção de anticorpos do colostro em bezerros: II. Estudo no intestino delgado distal Colostral antibodies absorption in calves: II. Distal small intestine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Bessi

    2002-11-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a morfologia e determinar a localização da enzima fosfatase ácida na região distal do intestino delgado de bezerros, do nascimento ao fechamento intestinal, foram coletadas amostras de 15 animais machos em três idades: ao nascer sem que houvesse a ingestão de colostro; três horas após a ingestão da primeira refeição de colostro e aos três dias de idade. Observou-se, ao nascimento, a presença de um grande vacúolo, que dominava todo o citoplasma das células epiteliais do jejuno distal e íleo. Após a ingestão de colostro, verificou-se o acúmulo de material absorvido nesses vacúolos. Foi detectada a reação de fosfatase ácida nas células absortivas de bezerros recém-nascidos, antes e após a ingestão de colostro. Aos três dias de idade, uma nova população de células geralmente não vacuoladas, com sistema endocítico apical reduzido, foi observada recobrindo as vilosidades intestinais. Portanto, em bezerros a maturação do epitélio absortivo do intestino delgado distal pode iniciar-se com o aumento da atividade enzimática nos vacúolos absortivos, culminando com a rápida substituição das células fetais por células diferenciadas não pinocíticas, o que determinaria o término da transferência de anticorpos maternos.The localization of acid phosphatase at distal small intestine and its morphology were studied f0rom birth to intestinal closure from fifteen male dairy calves aged: unsuckled neonatal, three hours after colostrum ingestion and three days old. At birth, the presence of a large vacuole was found and it expanded all over the epithelial cells cytoplasm at distal jejunum and ileum. For colostrum fed calves, ingested material could be observed in the vacuole. The phosphatase acid reaction was detected in the absorptive cells of suckled and unsuckled newborn calves. Calves aged three days old, a new population of non-vacuolated cells and reduced apical endocytic system were found

  5. Intestinal lesions in pigs affected with postweaning multisystemic wasting syndrome Lesões entéricas em suínos afetados por síndrome multissistêmica do definhamento dos suínos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Zlotowski

    2008-06-01

    fossem semelhantes aos descritos em enterite associada com PCV2, marcação imuno-histoquímica anti-PCV2 foi associada com depleção de células caliciformes (24 suínos, atrofia e fusão de vilosidades do íleo (18 suínos e dilatação de vasos linfáticos (11 suínos combinada ou não com linfangite. Antígenos de PCV2 foram demonstrados por imuno-histoquímica no citoplasma e núcleo de células epiteliais intralesionais, histiócitos e células tipo endotelial em tecidos intestinais. Em conjunto, esses resultados sugerem que as lesões estavam associadas com PCV2. A presença de co-infecções por Lawsonia intracellularis, Brachyspira spp., Mycobacterium spp., Salmonella spp., rotavírus, parvovírus, coronavírus e calicivírus entérico com PCV2 nas lesões intestinais foi investigada.

  6. Effect of cadmium on the floor of the mouth on rats during lactation Efeito do cádmio no soalho da boca de ratos durante a lactação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lara Cristina Picoli

    2004-06-01

    estudado o efeito da intoxicação por Cd no epitélio do soalho da boca de ratos expostos a baixos níveis do metal na água de bebedouro, durante a lactação. As ratas receberam água ad libitum contendo 300 mg/l de CdCl2 durante toda a lactação. Os animais controle receberam um volume similar de água sem Cd. Os filhotes foram sacrificados por sobredosagem anestésica no 21° dia. As cabeças dos animais foram separadas, fixadas em solução de "alfac" (álcool, ácido acético e formaldeído por 24 h, seccionadas seriadamente em planos frontais ao nível dos primeiros molares, e os cortes de 6 µm foram corados com hematoxilina-eosina. Foram estimados os parâmetros nucleares do epitélio, assim como os volumes citoplasmático e celular, a relação núcleo/citoplasma, as densidades numérica e superficial e a espessura epitelial. O peso corporal médio do filhote foi de 34,86 g no grupo controle e 18,56 g no tratado. Histologicamente, o epitélio dos animais tratados mostrou-se adelgaçado, constituído de células abundantes e menores. Neste experimento, o Cd ocasionou um quadro de hipotrofia epitelial, indicando uma ação direta nas células epiteliais da mucosa oral, além de retardar o desenvolvimento dos filhotes intoxicados.

  7. Carcinoma basocelular - Análise de 300 casos observados em Uberlândia - MG Basal cell Carcinoma - Analysis of 300 cases observed in Uberlândia - MG, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Antunes Oliveira Mantese

    2006-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O carcinoma basocelular é o câncer da pele mais comum, compreendendo 75% dos tumores epiteliais malignos. Localiza-se na face e acomete indivíduos brancos, acima de 40 anos de idade, com história de exposição repetitiva à luz solar. OBJETIVO: Descrever o carcinoma basocelular em suas variáveis epidemiológica, clínica e histopatológica. CASUÍSTICA: Realizou-se estudo transversal de 300 pacientes com carcinoma basocelular atendidos no Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas, no período de 1999 a 2003. Foram preenchidos protocolos com identificação do paciente, história de exposição solar e caracterização do carcinoma basocelular. RESULTADOS: Foram identificadas 447 lesões de carcinoma basocelular nos 300 pacientes estudados, cuja maioria era do sexo feminino (59,3% e da raça branca (93%, com história de exposição solar (90,3%, apresentando lesão única (74%, predominantemente facial (77% das lesões. O tipo histopatológico mais freqüente foi o nodular (46,3% das lesões, com predomínio do superficial no tronco. CONCLUSÕES: Observou-se predomínio do carcinoma basocelular no sexo feminino, demonstrando a tendência atual desse tumor. A presença de vários tumores sucessivos ou simultâneos em um mesmo paciente salienta a importância de exames periódicos nesses doentes. Não se estabeleceu correlação entre os tipos clínicos e histopatológicos. Confirmou-se que o tipo superficial é mais freqüente no tronco.BACKGROUND: Basal cell Carcinoma is the most common type of skin cancer and represents 75% of malignant epithelial tumors. It usually occurs on the face of white individuals aged over 40 years, with history of repetitive exposure to sunlight OBJECTIVE: To describe the epidemiological data, clinical presentation and histopathological findings of 300 patients with basal cell carcinoma. CASUISTIC: A cross-sectional study of 300 patients with Basal cell Carcinoma seen at the outpatient

  8. Sistema de polinização e reprodução de Byrsonima sericea DC (Malpighiaceae Pollination and reproductive system of Byrsonima sericea DC (Malpighiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Almeida Gomes Teixeira

    2000-12-01

    Full Text Available A polinização, o sistema reprodutivo e a fenologia de floração de Byrsonima sericea, foram estudados no período de outubro/1997 a fevereiro/1998 na Reserva Ecológica de Dois Irmãos, Recife (PE. Byrsonima sericea possui porte arbóreo (3 a 20m, com período de floração de outubro a fevereiro. As flores são hermafroditas, zigomorfas, agrupadas em inflorescências do tipo racemo terminal. A corola é amarela e possui cinco pétalas unguiculadas, sendo a superior modificada em forma de estandarte. O cálice é formado por cinco sépalas com dez glândulas epiteliais produtoras de óleo, os elaióforos. Em alguns indivíduos essas glândulas são ausentes. O androceu é formado por dez estames, com anteras rimosas e deiscência ocorrendo em fase de pré-antese floral. A viabilidade dos grãos de pólen foi de 93,3% e 98,3%, em indivíduos com e sem elaióforos, respectivamente, sendo o número de grãos de pólen por antera de 1.216,66 e 923,33 e a razão pólen/óvulo (P/O de 308.000 e 405.500. Como visitantes das flores, observaram-se abelhas pertencentes às famílias Anthophoridae (coletoras de óleo e pólen, Apidae e Halictidae (somente pólen. Baseando-se nas estratégias e recompensas florais (óleo e pólen, elevada razão P/O e, principalmente, na ausência de formação de frutos nos experimentos de autopolinização, conclui-se que esta espécie é xenógama.The pollination, the reproductive system and the flowering phenology of Byrsonima sericea DC. were studied from October/1997 to February/1998 in the Ecological Reserve of "Dois Irmãos", in Recife (PE. Byrsonima sericea is a woody species (3-20 m tall, flowering from October to February. The flowers are hermaphrodites, zygomorphic, arranged in terminal inflorescence, of the raceme type. The corolla is yellow and has five clawed and fringed petals. The superior one is modified as a flag. The calyx has five sepals with 10 elliptic epithelial oil glands, the elaiophores. In

  9. Expressão das citoceratinas em dermatoses infecto- parasitárias associadas à hiperplasia epidérmica Expression of the cytokeratins in infectious and parasitic skin diseases associated with epidermal hyperplasia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Christina Marques Nogueira-Castañon

    2004-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: As citoceratinas(C são as proteínas estruturais mais importantes das células epiteliais e exibem a maior heterogeneidade dentre todas as proteínas dos filamentos intermediários. Seu estudo através de imunomarcação possibilita a análise estrutural do citoesqueleto em vários afecções neoplásicas e inflamatórias. OBJETIVOS: Verificar o padrão imuno-histoquímico da expressão das citoceratinas na epiderme de doenças infecto-parasitárias associadas à hiperplasia escamosa. MÉTODOS: Cortes histológicos obtidos de tecidos pré-fixados e incluidos em parafina à partir de lesões de cromomicose, paracoccidioidomicose, leishmaniose e condiloma acuminado foram marcados com os anticorpos DEK10, LL025, LL002 e AE1 pela técnica de imunoperoxidase (avidina-biotina. RESULTADOS: A análise de áreas com intensidade variável de hiperplasia epidérmica presentes nos fragmentos mostrou exclusivamente e/ou predominantemente nas quatro doenças: ausência de expressão da C10 nas áreas de hiperplasia intensa e retardo da expressão nas áreas de hiperplasia moderada e/ou ausente; padrão suprabasal de marcação para a C16 independentemente do grau de hiperplasia como também, liberação de epítopos suprabasais para os marcadores LL002 (C14 e AE1 (C10,14,16,19. CONCLUSÕES: As modificações indicam que, independentemente da natureza do agente etiológico e do grau de hiperplasia presente, ocorrem alterações na diferenciação e proliferação do ceratinócito.BACKGROUND: Cytokeratins (K are the major structural proteins of epithelial cells and they display the greatest heterogeneity of all intermediate filament proteins. The study of many isolated cytokeratins by immunomarcation enables the structural verification of the cytoskeleton in many neoplastic and inflammatory diseases. OBJECTIVE: To verify the immunohistochemical pattern of cytokeratin expression in infectious and parasitic diseases associated with squamous

  10. Anemia hemolítica causada por Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae em bovinos Hemolytic anemia caused by Indigofera suffruticosa (Leg. Papilionoideae in cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Diomedes Barbosa Neto

    2001-03-01

    Full Text Available As partes aéreas de Indigofera suffruticosa Mill. (família Leg. Papilionoideae, planta incriminada pelos criadores de diversas áreas do Nordeste por doença caracterizada por hemoglobinúria em bovinos, foram administradas por via oral a seis bovinos, em doses diárias repetidas de 10 a 40 g/kg, Todos os animais experimentais apresentaram hemoglobinúria, porém passageira, apesar continuidade da administração da planta. Dois desses bovinos não apresentaram manifestações adicionais, um terceiro animal evidenciou manifestações leves, e os três outros, sintomas adicionais de intensidade moderada: apatia, mucosas visíveis de coloração esbranquiçada, pêlos arrepiados, anorexia, diminuição da freqüência e intensidade dos movimentos ruminais, taquicardia, pulso venoso positivo e dispnéia. Antes da crise hemolítica a urina apresentava coloração verde azulada. Nenhum animal experimental morreu, porém um foi sacrificado durante a fase hemoglobinúrica. À necropsia observaram-se anemia, bexiga contendo urina cor de vinho tinto, rins aumentados de volume com coloração marrom-escura, fígado, na superfície e ao corte, de coloração azulada com lobulação perceptível. As principais alterações histológicas foram verificadas no fígado, sob forma de necrose coagulativa e tumefação e/ou microvacuolização citoplasmática dos hepatócitos, e no rim representadas por acentuada nefrose, associada a grande quantidade de filtrado e/ou hemoglobina nos espaços de Bowman dentro de túbulos e do citoplasma das células epiteliais.The aereal parts of Indigofera suffruticosa Mill. (family Leg. Papilionoideae were force-fed fresh to 6 bovines in daily doses of 10 to 40 g/kg. Cattle breeders of various parts of the Northeast of Brazil accuse this plant as the cause of a non-fatal disease characterized by hemoglobinuria. The disease occurs only in years when the plant proliferates well invading the native pastures. All experimental

  11. Resultados do tratamento do carcinoma espinocelular anal e do seu precursor em doentes HIV-positivos Outcome of treatment of anal squamous cell carcinoma and its precursor in HIV-infected patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidney Roberto Nadal

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A incidência de carcinomas espinocelulares anais vem aumentando nos doentes HIV-positivos. O tratamento consiste de radio e/ou quimioterapia, eventualmente seguidos pela ressecção do tumor. O objetivo é avaliar o seguimento desses doentes para verificar as recidivas e a evolução do NIAA para câncer. Apresentação da casuística da Equipe Técnica de Proctologia do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, de São Paulo. MÉTODOS: Acompanhamos 45 doentes HIV-positivos portadores de carcinoma espinocelular anal e seu precursor no período de 1996 a 2006. Eram 30 neoplasias intra-epiteliais anais de alto grau (NIAA, tratadas com ressecção local e 15 carcinomas invasores do canal anal. Nove das 15 lesões invasivas foram submetidas ao esquema de Nigro isolado ou associado à ressecção local, amputação abdominoperineal ou colostomia para derivação. RESULTADOS: No seguimento ambulatorial das NIAA tivemos recidiva em 16,7% e não observamos evolução para carcinoma, num período mínimo de três anos. Entre os nove tumores submetidos ao esquema de Nigro, com ou sem operação complementar, cinco estão livres de tumor. Nenhum tratamento foi feito em cinco doentes. Em três, devido às péssimas condições clínicas, e em dois, pois recusaram tratamento. Outro teve diagnóstico na vigência de oclusão intestinal sendo submetido à colostomia de derivação. CONCLUSÃO: Concluímos que a NIAA pode reincidir após excisão local em doentes HIV-positivos, mas não evolui para carcinoma invasor e que os doentes de câncer anal invasor podem ser tratados da mesma maneira que a população soronegativa para o HIV desde que as condições clínicas o permitam.OBJECTIVE: Incidence of anal squamous cell carcinoma is increasing mainly among HIV-positive patients. Treatment consists of radiotherapy and chemotherapy, sometimes followed by tumor resection. The objective was to evaluate the follow-up of such patients to verify recurrences

  12. Anatomia e histoquímica dos órgãos vegetativos de Siegesbeckia orientalis (Asteraceae Anatomy and histochemistry of the vegetative organs of Siegesbeckia orientalis (Asteraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.B. Aguilera

    2004-12-01

    Full Text Available Descreveu-se a anatomia dos órgãos vegetativos de S. orientalis, em estrutura primária, enfatizando a caracterização e histoquímica de suas estruturas secretoras. Folhas, caules e raízes foram fixados em FAA50 e em sulfato ferroso e estocados em etanol 70%. Cortes transversais e longitudinais foram submetidos ao azul-de-toluidina pH 4,0, ao vermelho-de-rutênio, à reação de PAS, ao reativo Xylidine Ponceau, ao Sudan Black B e ao reativo Dragendorff. Anatomicamente, os órgãos vegetativos de S. orientalis são semelhantes aos caracteres descritos para Asteraceae. As raízes laterais são triarcas e o caule, um eustelo. Ductos estão ausentes na raiz e presentes no caule e na folha. Estas estruturas são de pequeno diâmetro, sendo delimitadas por quatro a cinco células epiteliais. No caule, os ductos estavam presentes no córtex, próximos à endoderme e na medula; nas folhas, associados aos feixes vasculares, tanto para o lado do xilema quanto para o do floema. As folhas são dorsiventrais e anfiestomáticas. Três tipos de estruturas secretoras foram observados: ductos, hidatódios e tricomas glandulares. Os testes histoquímicos aplicados demonstraram a presença de compostos fenólicos e alcalóides nos ductos e, nos tricomas, de compostos lipofílicos e fenólicos. Esses resultados indicam a complexidade da secreção produzida pelas estruturas secretoras na espécie.The anatomy of the vegetative organs of S. orientalis in primary structure was described, emphasizing the characterization and histochemistry of its secretory structures. Leaves, stems and roots were fixed in FAA50 and ferrous sulphate and stored in 70% ethanol. Cross and longitudinal sections were submitted to toluidine blue pH 4.0, ruthenium red, PAS reaction, Ponceau Xylidine reactive, Sudan Black B and Dragendorff reactive. Anatomically, S. orientalis vegetative organs are similar to the characters described for the Asteraceae. The lateral roots are triarches and

  13. Necrotic enterocolitis in pigs naturally infected by porcine circovirus type 2 Enterocolite necrótica em suínos naturalmente infectados por circovírus suíno tipo 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Zlotowski

    2009-09-01

    Full Text Available Samples of intestine with necrotic enteritis from 63 pigs naturally infected with porcine circovirus type 2 (PCV2 were studied. Colon was the main target of PCV2 associated necrotic enteritis in 60 cases. Immunohistological investigations were carried out to detect the presence of PCV2 in necrotic lesions and to identify the type of cells infected by the virus. Crypt epithelial cells had positive labelling for PCV2 in 17 cases. Depletion of goblet cells occurred in 10 cases. In 24 necrotic enteritis cases, co-infection of PCV2 and Salmonella was identified. An increased rate of apoptosis in the crypt epithelial cells of the large intestine from PCV2 of naturally infected pigs was observed. Immunohistochemical findings confirmed the presence of PCV2 within cells from necrotic intestinal tissue, suggesting that PCV2 may play a role in the development of those lesions. Diagnosis of necrotic enteritis associated with PCV2 should be based on the detection of PCV2 antigen or DNA in the necrotizing lesions. However, bacteriological examination should be performed to rule out the presence of bacterial agents, since co-infections are likely to occur in PCV2 affected pigs.Foram selecionadas amostras intestinais com enterite necrótica de 63 suínos naturalmente infectados pelo circovírus suíno tipo 2 (PCV2. Enterite necrótica associada com PCV2 ocorreu principalmente no cólon, em 60 casos. Análise imuno-histoquímica foi realizada para identificar a presença de PCV2 em lesões necróticas e o tipo de células infectadas pelo vírus. Células epiteliais das criptas apresentaram marcação positiva para PCV2 em 17 casos. Depleção de células caliciformes ocorreu em 10 casos. Em 24 casos de enterite necrótica, observou-se co-infecção por PCV2 e Salmonella. Foi observado um aumento no índice de apoptose nas células das criptas do intestino grosso de suínos naturalmente infectados com PCV2. Os achados imuno-histoquímicos e histopatol

  14. Comparação entre a eficácia da cimetidina e do sulfato de zinco no tratamento de verrugas múltiplas e recalcitrantes Efficacy comparison between cimetidine and zinc sulphate in the treatment of multiple and recalcitrant warts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariane Stefani

    2009-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Verrugas são proliferações epiteliais na pele e mucosas causadas por diversos tipos de HPV. Elas podem involuir espontaneamente ou aumentar em número e tamanho de acordo com estado imunitário do paciente. A cimetidina e o sulfato de zinco têm importante efeito no sistema imune, sendo usados como imunomoduladores no tratamento de diversas doenças. OBJETIVO:Comparar a eficácia terapêutica de cimetidina e sulfato de zinco no tratamento de verrugas cutâneas de difícil tratamento. MÉTODOS: Estudo prospectivo duplo-cego randomizado. Dezoito pacientes com verrugas múltiplas foram divididos em dois grupos, um recebeu cimetidina 35mg/kg/dia (máximo 1.200mg/dia, e o outro, sulfato de zinco 10mg/kg/dia (máximo de 600mg/dia por três meses. RESULTADOS: Dos 18 pacientes do estudo, nove receberam cimetidina, e nove, sulfato de zinco; apenas um do grupo do sulfato de zinco não completou o tratamento devido a náuseas e vômitos. Cura foi obtida em cinco pacientes tratados com sulfato de zinco, e apenas um não obteve alteração das lesões. Do grupo da cimetidina cinco não apresentaram modificação, e quatro apresentaram diminuição inferior a 30% das lesões iniciais. CONCLUSÕES: Sulfato de zinco na dose de 10mg/kg/dia parece ser mais efetivo que cimetidina para o tratamento de crianças e adultos com verrugas múltiplas e de difícil manejo. A pequena casuística deste trabalho não permite, entretanto, conclusão categórica.BACKGROUND: Warts are epithelial proliferations on the skin and mucous membrane caused by various types of HPV. They can decrease spontaneously or increase in number and size according to patient's immune status. Cimetidine and zinc sulphate have important effects on the immune system and are used as immunomodulators in the treatment of various diseases. OBJECTIVE: To compare the efficacy of cimetidine and zinc sulphate in the treatment of multiple and recalcitrant warts. METHODS: A random double

  15. Timomas malignos: A experiência do IPO do Porto e revisão da literatura Malignant thymomas: The experience of the Portuguese Oncological Institute, Porto, and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berta Sousa

    2007-07-01

    Full Text Available Introdução: Os tumores epiteliais tímicos (TET, a maioria timomas, são neoplasias desenvolvidas a partir das células epiteliais do timo e constituem cerca de 30% das massas do mediastino anterior em adultos. Os timomas são constituídos por células sem características citológicas de malignidade, sendo o comportamento maligno determinado pela invasão da cápsula e estruturas adjacentes. Estes tumores apresentam um amplo espectro de características clínicas e morfológicas, e as pequenas séries de doentes conhecidas tornam difícil o estabelecimento de um tratamento standard. Material e métodos: Efectuou-se um estudo retrospectivo dos doentes admitidos com diagnóstico de timoma no Instituto Português de Oncologia - Centro do Porto (IPO-Porto, de 1983 a 2004. Foram analisadas as suas características clínicas, classificação histológica segundo a OMS, o estadiamento de Masaoka, e a sua relação com as modalidades de tratamento. Procedeu-se à revisão dos registos clínicos destes doentes e revisão do material histológico para a classificação segundo critérios da OMS de 1999. Resultados: No IPO-Porto, entre 1983 e 2004, foram tratados 28 doentes com TET. Destes, 21 eram timomas invasivos, sendo estes o objecto deste estudo. Dos dados demográficos salienta-se que eram 11 homens, 10 mulheres, com uma idade mediana de 55 anos (24-79 anos. A classificação histológica da OMS foi a seguinte: 2 doentes (9,5% Tipo A, 6 (28,6% tipo AB, 4 (19% tipo B1, 2 (9,5% tipo B2, 7 (33,4% tipo B3. O estadiamento segundo Masaoka foi 9 doentes (42,8% com estádio II, 6 (28,6% com estádio III e 6 (28,6% com estádio IVa. A maioria dos doentes apresentava sintomas locais à apresentação, com apenas 1 doente com diagnóstico de aplasia eritrocitária e 5 com Mastenia gravis (MG. Os 6 doentes submetidos apenas a ressecção cirúrgica completa não tiveram evidência de recorrência da doença (2 tipo A-II, 2 tipo AB-II, 1 tipo B1-II, 1 tipo B

  16. Citologia vaginal a fresco na gravidez: correlação com a citologia corada pela técnica de Papanicolaou Fresh wet mount in pregnancy: correlation with Pap smears

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amadeu Ramos da Silva Filho

    2004-01-01

    neste último método propedêutico. Os diagnósticos de tricomoníase observados em ambos os métodos citológicos (3,7 e 2,7% traduzem a baixa prevalência destes parasitas na gestação. O cálculo do índice kappa para avaliação da concordância entre os dois procedimentos citológicos nos diversos achados microbiológicos demonstrou baixa correlação nos diagnósticos da vaginose bacteriana e colpites bacterianas inespecíficas, bem como na identificação da flora vaginal normal. CONCLUSÕES: embora a citologia corada apresente melhor acurácia no diagnóstico de fungos não formadores de micélios, a citologia direta a fresco demonstrou ser melhor avaliador dos elementos não epiteliais dos esfregaços vaginais. Entretanto, a microscopia corada pela técnica de Papanicolaou, por permitir melhor apreciação das células epiteliais cervicovaginais, representa o mais importante instrumento revelador das agressões e reações nucleocitoplasmáticas.PURPOSE: to analyze vaginal contents using the fresh wet mount of a cytological exam in the first prenatal visit of women with or without genital complaints and correlate the conclusion with the results from the Pap smears. Microscopy during pregnancy should be valued and recognized as a method capable of providing immediate diagnosis in 90% of bacterial vaginosis, candidiasis and trichomoniasis cases. METHODS: a prospective study was performed in 216 pregnant women selected from the prenatal department of a public hospital, between October 30, 2001 and November 12, 2002. Two samples were collected from the posterior vaginal vault and deposited onto two separate microscope slides. To one slide, a droplet of 0.9% NaCl was applied and to the other, a droplet of 10% KOH. Both slides were covered with a coverslip for immediate microscopic evaluation. Tests were perfomed in one drop of the material to examine pH and whiff. The microscopic examination of the material was carried out at a 100X, 400X and exceptionally 1000X

  17. Histología del ciclo reproductor de hembras del pejelagarto Atractosteus tropicus (Lepisosteiformes: Lepisosteidae enTabasco, México Histology of reproductive cycle of tropical gar Atractosteus tropicus females (Lepisosteiformes: Lepisosteidae in Tabasco, Mexico.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otilio Méndez-Marin

    2012-12-01

    Full Text Available En el sureste de México A. tropicus es una especie de gran importancia ecológica, económica, cultural y para acuicultura, sin embargo, sus poblaciones silvestres han disminuido a causa de diversas actividades antropogénicas, por lo que se caracterizó el ciclo reproductor de A. tropicus, a partir de los cambios en los elementos germinales y somáticos durante la ovogénesis y la estructura de toda la gónada, información valiosa para el mejor manejo y aprovechamiento de la especie. Mensualmente se capturaron con redes de arrastres, seis hembras sexualmente maduras (N=72, durante un ciclo anual (octubre 2003-septiembre 2004, en poblaciones silvestres de la laguna de Pomposu del municipio de Jalpa de Méndez; Tabasco, México. Las hembras fueron sacrificadas por decapitación y los ovarios se procesaron por métodos histológicos convencionales, se determinó el diámetro entre 10-20 ovocitos en los diferentes estadios de desarrollo al azar. Se determinó mensualmente el índice gonadosomático (IGS, volumen gonadal (gV y el diámetro del folículo (fD. Además, se identificaron ocho estadios de desarrollo de la ovogénesis: I: cromatina nucléolo, II: perinucléolo temprano, III: perinucléolo avanzado, IV: alvéolos corticales, V: vitelogénesis temprana, VI: vitelogénesis media, VII: vitelogénesis avanzada, VIII: maduración final. El ciclo reproductor la constituye cuatro clases: I.-Proliferativa, II.-Maduración inicial, III.-Maduración tardía, IV.-Regresión-proliferación. El análisis de la información obtenida de los valores encontrados del IGS, gV, fD, estadios de la ovogénesis y clases reproductivas, indican que en diciembre se reinicia el crecimiento de los folículos (previtelogenesis, de mar-zo-julio se presenta la captación del vitelo (vitelogenesis y en agosto-noviembre se presenta la máxima actividad reproductora, al contrastar este patrón con los factores ambientales (temperatura, precipitación se sugiere que estos

  18. Influência do óleo de Copaifera langsdorffii no reparo de ferida cirúrgica em presença de corpo estranho Influence of Copaifera langsdorffii oil on the repair of a surgical wound in the presence of foreign body

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael C. Vieira

    2008-08-01

    Full Text Available A Copaifera langsdorffii é uma leguminosa nativa do Brasil, da qual pode ser extraído um óleo, popularmente conhecido como óleo de copaíba. Este óleo é amplamente utilizado para tratamento de feridas cutâneas por ser reconhecido como antiinflamatório e cicatrizante. Apesar disso, poucas comprovações científicas do verdadeiro efeito terapêutico desta planta medicinal foram produzidas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do tratamento tópico com C. langsdorffii no processo de reparo quando um corpo estranho é o indutor da inflamação. Para isso, 60 camundongos da linhagem BALB/c foram submetidos à incisão cirúrgica linear de 1cm no dorso para realizar o implante de uma lamínula de vidro com 12mm de diâmetro no tecido subcutâneo. Quatro tratamentos para a ferida foram estabelecidos: controle (C tratado com solução salina estéril, controle veículo (CV tratado com óleo mineral estéril, tratamento 1 (T1 tratado com diluição (v:v de óleo mineral estéril e óleo de C. langsdorffii, tratamento 2 (T2 tratado com óleo de C. langsdorffii puro. As avaliações foram realizadas em períodos de tempo pré-determinados (1, 3, 5, 7 e 14 dias. Era possível perceber características da fase proliferativa como a reepitelização, a presença de fibroblastos e a neovascularização, porém os grupos tratados com o óleo (T1 e T2 não apresentavam reepitelização aos três dias. Esses grupos aos 5 e 7 dias apresentavam no exame macroscópico maior intensidade de edema, hiperemia e permanência de crostas. Na microscopia, a reepitelização ainda não estava completa e a crosta era serocelular. Nos grupos C e CV, apesar de discreta, era predominante a presença de mononucleares, enquanto nos grupos T1 e T2 o infiltrado inflamatório era misto e com maior intensidade que nos outros grupos. Quatorze dias depois da incisão cirúrgica, os aspectos macroscópicos dos grupos C e CV eram semelhantes e os grupos T1 e T2, apesar

  19. Gastric MALT lymphoma: clinical characteristics and prevalence of H. pylori infection in a series of 37 cases Linfoma MALT gástrico: características clínicas y prevalencia de la infección por H. pylori en una serie de 37 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. P. Gisbert

    2006-09-01

    en nuestro hospital durante los últimos 15 años. Métodos: se identificaron retrospectivamente todos los pacientes diagnosticados de linfoma MALT gástrico en nuestro centro en los últimos 15 años. Se revisaron las variables demográficas, clínicas, analíticas, endoscópicas, histológicas, el estudio de extensión, la estadificación y la infección por H. pylori. Resultados: se identificaron 37 pacientes con linfoma MALT gástrico, con una edad media de 61 años, el 62% varones. El síntoma de presentación más frecuente fue la dispepsia (76%, seguido de la hemorragia digestiva alta (11% y el síndrome constitucional (8%. Durante la endoscopia se identificaron lesiones erosivas en el 41% y proliferativas/exofíticas en el 43%. La mayoría de los linfomas fueron de bajo grado (68%. Estadificación: EI (56%, EII (13%, EIII (3% y EIV (28%. La prevalencia de H. pylori (histología en todos los casos, test rápido de la ureasa en el 19% y prueba del aliento con 13C-urea en el 24% fue del 46%. Cuando únicamente se consideraron los linfomas de bajo grado en estadio EI, la prevalencia de H. pylori ascendió al 55%. Cuando la presencia de H. pylori se valoró mediante la prueba del aliento (además de la histología, la prevalencia de infección ascendió al 78%. Conclusiones: es probable que la reducida prevalencia de infección por H. pylori encontrada en algunos estudios, como el nuestro, sea debida a resultados falsos negativos obtenidos al utilizar un sólo test diagnóstico, por lo que se sugiere el empleo de al menos dos, e incluso añadir un método diagnóstico "no invasivo' como la prueba del aliento con 13C-urea antes de excluir definitivamente la infección por H. pylori.

  20. Factores de riesgo en el desarrollo de la retinopatía diabética Risk factors in the development of diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arianna Hernández Pérez

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar los factores de riesgo que favorecen la aparición de la retinopatía diabética. MÉTODOS: Se efectuó un estudio observacional analítico de tipo caso-control en 153 diabéticos atendidos consecutivamente en el Centro de Atención al Diabético, entre julio y diciembre del año 2008. Se estudiaron: edad, sexo, color de piel, consumo de alcohol, hábito de fumar, tipo de diabetes mellitus, tratamiento y evolución, tipo de retinopatía diabética, factores sistémicos y oculares asociados. Se aplicó Odds Ratio para valorar la influencia de factores de riesgo en probabilidad de aparición de la complicación. RESULTADOS: Predominaron los diabéticos tipo 2 (72,5 % en grupo estudio y 79,4 % en grupo control, la retinopatía diabética no proliferativa moderada (31,4 %, las mujeres (70,6 % en grupo estudio y 61,8 % en grupo control mayores de 40 años y piel blanca. La hipertensión arterial (OR= 2,83, p= 0,003 se presentó en 52,9 y 28,4 %, respectivamente. En el grupo estudio, el 43,1 % eran fumadores (OR= 2,76, p= 0,005 y el 72,5 % tenían más de 15 años de evolución de la diabetes (OR= 17,91, p= 0,000 mientras 62,8 % del grupo control llevaban entre 5 y 15 años de diabéticos. Resultaron significativos el antecedente de oclusión venosa retiniana (OR= 4,92, p= 0,001, cirugía de catarata (OR= 2,85, p= 0,012, cicatriz coriorretiniana (OR= 0,12, p= 0,015 y glaucoma primario de ángulo abierto (OR= 0,18, p=0,013. CONCLUSIONES: Los factores de riesgo asociados fueron: tiempo de evolución de la diabetes mellitus en pacientes con tiempo de evolución de la enfermedad mayor de 15 años, la hipertensión arterial, el hábito de fumar, antecedentes de cirugía de catarata y oclusiones venosas. El glaucoma primario de ángulo abierto y cicatrices coriorretinianas parecen ser factores protectores significativos.OBJECTIVE: To identify the risk factors favoring the appearance of the diabetic retinopathy. METHODS: A case

  1. Relación entre la prolactina y la retinopatía diabética Relation between prolactin and diabetic retinopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santana Pérez

    2013-04-01

    élulas endoteliales, lo cual abre la esperanza de nuevos medicamentos para el tratamiento de la retinopatía proliferativa, aspectos sobre los que trata la presente revisión.Diabetic retinopathy, as a form of microangiopathy, is characterized by loss of pericytes and of endothelial cells, which causes alteration of the permeability of the retinal capillaries. The growth factor of the vascular endothelium directly stimulates the development of the internal and external vasculature of the eye, and additionally acts as a vascular permeability factor. In general, under natural conditions, there is a balance of promoting and inhibitory cells of angiogenesis. However, if these conditions are changed -as it happens during the hypoxia or inflammation episodes- this balance breaks and this tips the balance in favor of the formation of abnormal vessels that spread over and bleed into the vitreous, an event that may cause the retinal detachment and the resulting loss of vision. Some antiangiogenic drugs have been developed to reduce the expression of the vascular endothelium growth factor and of the connective tissue growth factor in the retinal epithelium cells under oxidative stress. Advances have also been made in the development of other antiangiogenic drugs of high effectiveness when they are used alone or combined with laser photocoagulation and surgery, but they are very expensive, available only in highly specialized centers and with intravitreal administration. Nowadays, it is known that hyphophysial hormone called prolactin can prevent the progress and encourage the regression of diabetic retinopathy through its proteolytic conversion to vasoinhibins, particularly, the lowest molecular weight fraction (16 kDa-prolactin. This fraction has an important antiangiogenic action since it blocks the stimulation of angiogenesis induced by several factors such as the vascular endothelium growth factor and the fibroblastic growth factor in the proliferation of the endothelial cells, all of

  2. Duas classes de mutação na evolução de policitemia vera para leucemia mielóide aguda Two-hit model of leukemogenesis in the evolution of polycythemia vera to acute myeloid leukemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana C. C. Ribeiro

    2009-04-01

    Full Text Available Policitemia vera (PV é doença mieloproliferativa crônica com risco de transformação para mielofibrose ou para leucemia mielóide aguda (LMA na evolução da doença. Dez a 25% dos pacientes têm anormalidade citogenética ao diagnóstico, chegando a 50% com a progressão. Relatamos caso de PV com transformação para LMA no qual foi possível demonstrar a teoria de duas classes de mutação: uma indutora de proliferação e outra de bloqueio de maturação. Caso: Paciente feminina, 55 anos, PV diagnosticada em 2002, com mutação JAK2V617F, cariótipo normal, tratada com flebotomias e hidroxiureia. Em 2006 houve progressão para mielofibrose pós-policitêmica e novo cariótipo mostrou 46,XX,del(20(q13.1 em 4/20 metáfases. Análise por FISH para região 20q13 em amostra estocada confirmou a deleção ao diagnóstico. Após um ano houve transformação para LMA. A mutação JAK2V617F é suficiente para causar proliferação de precursores eritropoéticos, sendo o mecanismo fisiopatogênico primário na PV. Entretanto, a evolução da doença é heterogênea, sugerindo a ocorrência de fenômenos adicionais, levando à instabilidade genômica e contribuindo para a leucemogênese. O caso apresentado sustenta o modelo de dois passos na progressão da PV para LMA, no qual uma classe de mutação gênica confere vantagem proliferativa (JAK2V617F e outra classe bloqueia a diferenciação hematopoética (deleção 20q. Evidenciaram-se nessa paciente dois eventos contribuindo para a proliferação e para o bloqueio de maturação. Outros mecanismos devem estar implicados e estudos prospectivos devem ser encorajados na tentativa de elucidação dos diferentes passos envolvidos na leucemogênese.Polycythemia vera (PV is a chronic myeloproliferative disorder that can evolve to marrow fibrosis or acute leukemia (AML. Cytogenetic alterations can be detected in around 25% of patients at diagnosis and in up to 50% of those with progression. We report a

  3. Human herpesvirus 8 (HHV-8 and the etiopathogenesis of Kaposi's sarcoma Herpesvírus humano tipo 8 (HHV-8 e a etiopatogênese do sarcoma de Kaposi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jair Carneiro Leão

    2002-08-01

    ção ao herpesvírus humano tipo 8, com ênfase especial aos aspectos relacionados à etiopatogênese do sarcoma de Kaposi. MÉTODOS: Os autores pesquisaram artigos de pesquisa original e revisões de literatura nos aspectos específicos da infecção pelo herpesvírus humano tipo 8, incluindo, virologia, epidemiologia, transmissão, diagnóstico, história natural e terapia. O material considerado relevante foi avaliado e revisado. RESULTADOS: O sarcoma de Kaposi é considerado ainda a malignidade mais comumente observada em pacientes infectados pelo HIV. Estudos epidemiológicos, assim como os baseados em técnicas de biologia molecular indicam que um agente sexualmente transmissível, independente do HIV, deve estar envolvido na etiologia do sarcoma de Kaposi, possivelmente como resultado da ação das cell signaling proteins superando os aspectos da resposta imune. O herpesvírus humano tipo 8 tem sido ainda sugerido como agente causal na patogênese de outras desordens, incluindo mieloma múltiplo, multicentric Castleman's disease, body cavity-based lymphoma, além de outras condições não-proliferativas como sarcoidose e pênfigo vulgar, embora grande parte dos estudos sorológicos apontem para uma soroprevalência em torno de 2 a 10%. O herpesvírus humano tipo 8 parece então, ser um vírus restrito a pessoas sob risco de desenvolver o sarcoma de Kaposi, associado à imunossupressão. O tratamento para o sarcoma de Kaposi é normalmente paliativo, e inclui a aplicação de vimblastina intra-lesional, crio-cirurgia, interferon-alpha e outras formas de terapia. Mais recentemente, os inibidores da protease, foram também sugeridos como possíveis agentes implicados na remissão do sarcoma de Kaposi associado ao HIV e no desaparecimento do herpesvírus humano tipo 8 das células mononucleares do sangue periférico. CONCLUSÃO: O herpesvírus humano tipo 8 está fortemente associado a todas as formas de sarcoma de Kaposi, multicentric Castleman's disease e body

  4. Avaliação dos óbitos e necropsias em pacientes internados em um serviço de reumatologia pediátrica por um período de dez anos Deaths and necropsies evaluation in hospitalized patients of a pediatric rheumatology unit for a period of ten years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mércia Moreira Facó

    2005-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: correlacionar os dados clínicos do óbito com achados de necropsia em pacientes internados em uma unidade de reumatologia pediátrica. MÉTODOS: o estudo é uma coorte histórica. Em dez anos, no período compreendido entre janeiro de 1994 e dezembro de 2003, ocorreram 57.159 internações com 1.907 (3% óbitos no Instituto da Criança. Destas internações, 548 (1% apresentaram doenças reumáticas ou pediátricas e foram acompanhadas pela Unidade de Reumatologia Pediátrica, incluindo 348 pacientes. Os óbitos e as necropsias foram analisados e a classificação de Goldman foi utilizada para detectar discordância entre o diagnóstico clínico do óbito e a necropsia. RESULTADOS: no período do estudo, 34 (10% pacientes evoluíram para óbito. As principais doenças associadas ao óbito foram: lúpus eritematoso sistêmico juvenil (LESJ em 18 pacientes (53% e artrite idiopática juvenil (AIJ em sete casos (21%. Necropsias foram realizadas em 21 pacientes (64% dos óbitos. Nos 18 casos de LESJ, a atividade da doença esteve presente em 16 casos, sendo associada à septicemia em 15 deles. Discordância entre o diagnóstico clínico e necropsia foi evidenciada em seis casos com LESJ: três com infecções fúngicas, um com tuberculose, um com nefrite proliferativa difusa e outro com aterosclerose. Sete pacientes com AIJ evoluíram para óbito: septicemia em quatro e síndrome de ativação macrofágica em três. Em um caso de AIJ foi diagnosticado, exclusivamente na necropsia: linfoma de Hodgkin, aterosclerose e infarto anterior do miocárdio. CONCLUSÕES: a freqüência de óbitos foi 10% e necropsia evidenciou doença infecciosa, aterosclerose ou neoplasia não diagnosticadas previamente. A necropsia é importante para determinar eventos não esclarecidos ou duvidosos no óbito e deve ser sempre solicitada.OBJECTIVE: to correlate the clinical data of necropsies in hospitalized patients of a Pediatric Rheumatology Unit. METHODS: this

  5. Significado clínico-patológico das expressões citofotométricas do Ki-67 e Caspase-3 no carcinoma de células escamosas do esôfago Clinicopathologic significance of the Ki-67 and Caspase-3 cytophotometric expressions in the esophageal squamous cell carcinomal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar Pereira Silva

    2008-06-01

    Full Text Available RACIONAL: A escolha da forma de tratamento do carcinoma de células escamosa de esôfago ainda hoje é orientada pelo estadiamento tumoral, onde as características histopatológicas do tumor são o maior determinante. Parale-lamente, desenvolvem-se estudos para entender o comportamento da biologia tumoral por método imunoistoquímico de quantificação manual, avaliando a ati-vidade proliferativa ou apoptótica do tecido em análise. As desvantagens conti-das no modo manual fizeram surgir e desenvolver método computadorizado de análise de imagem. OBJETIVOS: Verificar as expressões dos marcadores KI-67 e Caspase-3 e correlacioná-las com as características clínico-patológicas do tumor. MÉTODOS: Foram estudados 29 blocos parafinados provenientes de pa-cientes portadores de carcinoma de células escamosas de esôfago submetidos à esofagectomia e pertencentes a acervos de laboratórios de patologia. Proce-deu-se preparo das lâminas por técnica imunoistoquímica convencional. A quantificação da imunorreatividade às proteínas Ki-67 e Caspase-3 foi realizada pelo software de análise de imagem computadorizada SAMBA (Systeme d'Analyse Microphotometrique a Balayage Automatique através do índice de marcagem encontrado. RESULTADOS: Predominaram na amostra o sexo mascu-lino (82,7%; maiores de 50 anos; tumores moderadamente diferenciados (68,98%; estágio III (72,42%; lesões >3cm e localizadas no ⅓ inferior do ór-gão. Os índices médios de marcagem identificados foram de 62,05% para o Ki-67 e 86,06% para a Caspase-3, e não mostraram correlação com as caracterís-ticas clínico-patológicas como sexo, idade, estadiamento tumoral, grau de pro-fundidade da lesão e comprometimento linfonodal. Houve significante diferença de expressão do Ki-67 entre os graus histológicos (P=0,047 e correlação entre os índices dos marcadores estudados (r=0,41 e P =0,032. CONCLUSÃO: Na presente investigação as atividades das proteínas estudadas

  6. Prevalência de complicações micro e macrovasculares e de seus fatores de risco em pacientes com diabetes melito do tipo 2 em atendimento ambulatorial Prevalence of micro and macroangiopatic chronic complications and their risk factors in the care of out patients with type 2 diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Selbach Scheffel

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O diabetes melito (DM do tipo 2 está associado ao desenvolvimento de complicações macroangiopáticas [cardiopatia isquêmica (CI, doença vascular periférica (DVP e acidente vascular cerebral (AVC] e microangiopáticas [retinopatia diabética (RD, nefropatia diabética (ND e neuropatia sensitiva distal (NSD]. Os objetivos deste estudo foram avaliar a prevalência das complicações crônicas em pacientes com DM do tipo 2 e aferir os seus possíveis fatores de risco. MÉTODOS: Estudo transversal, incluindo 927 pacientes com DM do tipo 2 atendidos ambulatorialmente em três centros médicos do Rio Grande do Sul: Hospital de Clínicas de Porto Alegre (n = 475, Grupo Hospitalar Conceição (n = 229 e Hospital São Vicente de Paula (n = 223. Dentre os pacientes, 42% eram homens, a média de idade era de 59 ± 10 anos e a mediana da duração do DM do tipo 2 era 11 (5 - 43 anos. A RD foi definida por fundoscopia direta; a CI através do questionário da OMS e/ou alterações eletrocardiográficas e/ou anormalidades perfusionais na cintilografia miocárdica; a NSD por sintomas compatíveis e ausência de sensação ao monofilamento de 10g e/ou ao diapasão; a DVP pela claudicação e ausência de pulsos pediosos; o AVC por seqüelas ou história compatível e a ND pela excreção urinária de albumina (>20 µg/min. A hipertensão arterial sistêmica (HAS foi definida pelos níveis pressóricos (>140/90 mmHg e/ou uso de drogas anti-hipertensivas. Foram calculados o índice de massa corporal (IMC, kg/m² e a razão cintura-quadril (RCQ. RESULTADOS: A CI estava presente em 36% e a DVP em 33% dos pacientes. Dentre as complicações microvasculares, 37% tinham doença renal (12% macroalbuminúricos e 48% RD (15% retinopatia proliferativa. A NSD foi encontrada em 36% dos pacientes. HAS estava presente em 73% dos pacientes. O colesterol estava acima de 200 mg/dl em 64%, enquanto o IMC > 30 kg/m² em 36%. Vinte e dois por cento dos pacientes

  7. Analysis of the tensile strength on the healing of the abdominal wall of rats treated with infliximab Análise da força tênsil na cicatrização da parede abdominal de ratos tratados com infliximabe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Vieira Lopes

    2008-10-01

    (p< 0,05 entre os subgrupos E3 e E7 quando comparados com C3, C7e C14. CONCLUSÃO: O infliximabe interferiu na cicatrização da ferida da parede abdominal com diminuição da força de ruptura na fase inflamatória e proliferativa.

  8. Angiogênese e doenças da retina Angiogenesis and retinal diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Max Damico

    2007-06-01

    Full Text Available Angiogênese é o processo de formação de vasos sangüíneos a partir de vasos preexistentes, que ocorre em condições fisiológicas e patológicas. É fenômeno complexo no qual participam inúmeras moléculas que estimulam e inibem a formação dos neovasos. O aumento da permeabilidade vascular e a neovascularização sub-retiniana são as causas da perda visual nas doenças proliferativas da retina, como a degeneração macular relacionada à idade e a retinopatia diabética, e o fator de crescimento do endotélio vascular ("vascular endothelial growth factor", VEGF desempenha um papel muito importante nesse processo. Existem quatro isoformas da molécula de VEGF biologicamente ativas em seres humanos, das quais o VEGF165 é a isoforma predominante no olho humano, e existem evidências de que seja a isoforma responsável pela neovascularização patogênica no olho. Além de ser potente mitógeno de células endoteliais, o VEGF aumenta a permeabilidade vascular, inibe a apoptose das células endoteliais e promove migração de precursores de células endoteliais. O VEGF não é a única molécula cuja expressão está aumentada na angiogênese patológica. O fator de crescimento de fibroblasto ("basic fibroblast growth factor", bFGF, as angiopoetinas, o fator derivado do epitélio pigmentado ("pigment epithelium-derived factor", PEDF e os fatores de adesão relacionados à matriz extracelular também exercem papel importante no balanço entre fatores pró- e antiangiogênicos. Todo o conhecimento adquirido sobre o mecanismo da angiogênese ocular patológica tem possibilitado o desenvolvimento de vários inibidores desse processo. Atualmente existem dois anticorpos anti-VEGF para uso intravítreo e outras abordagens terapêuticas do bloqueio da angiogênese ocular estão em fase de desenvolvimento. As novas drogas deverão ser armas poderosas no tratamento das principais causas de cegueira legal irreversível em indivíduos com mais de 65

  9. A intervenção da célula epitelial na asma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabela Mota Pinto

    2009-05-01

    Full Text Available Resumo: Faz-se uma revisão da intervenção da célula epitelial brônquica na fisiopatologia da asma. O epitélio que reveste as vias respiratórias actua como uma barreira física, separando o meio externo do meio interno pulmonar, controla a permeabilidade intercelular e transcelular, e, deste modo, a acessibilidade dos agressores inalantes às células apresentadoras de antigénio envolvidas na resposta imunoinflamatória. As células epiteliais unidas por tight junctions contribuem para a integridade das vias aéreas e expressam poliovirus receptor– related protein (PRR, toll like receptors (TLR e protease-activated receptors (PAR, que reconhecem agentes bacterianos e alergénios. A sua disfunção transforma-as em fonte de mediadores intervenientes na inflamação.A interacção bidireccional entre, por um lado, o epitélio e os elementos constitutivos do brônquio e por outro, as partículas inaladas, tem subjacente a formação de uma unidade, com identidade própria designada EMTU – epithelial mesenchymal trophic unit.Esta extensa intervenção coloca a célula epitelial no centro de acção da cronicidade e remodelação do processo asmático.As doenças infecciosas e o stress ambiental são capazes de induzir alterações a nível da célula epitelial susceptíveis de modificar a sua resposta a estimulações futuras, nomeadamente a ampliar a resposta a outras agressões infecciosas por acção sinérgica das vias de sinalização.O epitélio brônquico tem assim funções de barreira que lhe permite exercer uma permeabilidade selectiva, a nível intracelular e transcelular, é ainda metabolicamente activo pelas capacidade de produzir mediadores quimiotácticos e citocinas envolvidos no recrutamento e na activação celular, com repercussão na broncomotricidade e na remodelação da parede br

  10. O epitélio respiratório em ratos Wistar após 48 horas de exposição contínua ao ruído de baixa frequência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nuno A.A. Castelo Branco

    2003-11-01

    Full Text Available RESUMO: Em estudos anteriores, demonstrou-se que a exposição crónica de ratos Wistar a ruído de baixa frequência (RBF provoca o estabelecimento de lesões definitivas no epitélio respiratório. A existência de possíveis períodos refractários tornou-se matéria de grande interesse. Neste estudo avaliam-se as alterações do epitélio respiratório de ratos Wistar após uma exposição contínua a RBF. Doze ratos foram expostos a RBF contínuo durante 48 horas. Dez ratos de controlo, do mesmo grupo etário, foram mantidos nas mesmas condições mas em silêncio. Os animais foram tratados de acordo com a norma 86/609/ /CE. Após a exposição, 2 ratos foram imediatamente sacrificados e grupos de 2 foram sucessivamente sacrificados, respectivamente, após 6, 12, 24, e 48 horas e sete dias em silêncio. Fragmentos do epitélio respiratório foram processados para microscopia óptica electrónica de varrimento. Seis horas após o termo da exposição, era visível tumefação intensa e irregular das células e eram evidentes estruturas em roseta contendo células em escova rodeadas por células secretoras. Os cílios apresentavam-se alterados e as microvilosidades das células em escova estavam agrupadas e perdiam a distribuição uniforme típica e observada nos animais de controlo. Estes aspectos observavam-se nas horas seguintes, embora diminuindo gradualmente de intensidade. Sete dias após o termo da exposição, tanto os ratos de controlo como os ratos expostos e mantidos em silêncio apresentavam epitélios com características não distinguíveis. As lesões epiteliais do aparelho respiratório provocadas pela exposição ao RBF são reversíveis se forem respeitados períodos de recuperação.REV PORT PNEUMOL 2003; IX (6: 473-479 ABSTRACT: Previous studies show that exposure to low frequency noise (LFN

  11. Avaliação e recomendações nutricionais para crianças e adolescentes com fibrose cística Nutritional assessment and recommendations for children and adolescents with cystic fibrosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Regina M. M. Chaves

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar e discutir evidências sobre a avaliação do estado nutricional e as recomendações para o tratamento nutricional de crianças e adolescentes com fibrose cística. FONTES DE DADOS: Bancos de dados MEDLINE (versão PubMed e Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information (LILACS, entre 1984 a 2009. Aplicou-se a combinação dos seguintes descritores: fibrose cística, estado nutricional, criança e adolescente - em inglês e português. SÍNTESE DOS DADOS: A fibrose cística é uma doença genética, de evolução crônica, progressiva e fatal. Resulta do defeito na proteína reguladora transmembrana que regula a condução de cloro e, consequentemente, o fluxo de sódio e água através da membrana apical das células epiteliais. Pacientes fibrocísticos são vulneráveis à desnutrição, que resulta do desequilíbrio entre ingestão alimentar, gasto e perdas energéticas. Novos conhecimentos sobre a fisiopatologia da doença, adquiridos nas últimas décadas, resultaram em mudanças significativas nas atuais recomendações energéticas e principalmente de lipídeos. A importância da nutrição no bem-estar e sobrevida dos fibrocísticos está bem estabelecida, assim como a associação entre a desnutrição e a deterioração da função pulmonar. Existem múltiplos fatores inter-relacionados que afetam o estado nutricional, tais como, mutação genética, insuficiência pancreática, ressecção intestinal, perda de sais e ácidos biliares, refluxo gastroesofágico, inflamação e infecções pulmonares, diabetes e condições emocionais. CONCLUSÕES: O monitoramento nutricional e o aconselhamento dietético são elementos chave no manejo de crianças e adolescentes com fibrose cística com o intuito de controlar a sintomatologia e a progressão da doença, proporcionando melhor qualidade de vida.OBJECTIVE: To review and discuss evidence on the nutritional status assessment and recommendations for

  12. Análises microbiológicas de alicates ortodônticos Microbiological analysis of orthodontic pliers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Azeredo

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a contaminação bacteriana presente na ponta ativa de alicates ortodônticos utilizados no meio acadêmico. MÉTODOS: selecionou-se 34 alicates, 17 do modelo 347 e 17 do modelo 139. O grupo controle foi composto por 3 alicates de cada modelo, previamente autoclavados. Os alicates do grupo experimental, após o uso, foram imersos em 10ml do meio de cultura líquido Brain-Heart Infusion (BHI por 2 minutos, seguido de cultivo a 37°C (24 a 48h e semeadura (duplicata em diferentes meios de cultura sólidos �� base de ágar, para detecção e identificação de agentes microbianos. RESULTADOS: as análises microbiológicas revelaram contaminação em ambos os tipos de alicates ortodônticos. Observaram-se variadas formas bacterianas, predominando estafilococos e cocos isolados gram-positivos. Os alicates removedores de anéis apresentaram maiores índices de contaminação, com médias entre 2,83 x 10(9 e 6,25 x 10(9 UFC/ml, variando de acordo com o tipo de meio de cultura. Os alicates 139 também continham bactérias da microbiota bucal, com variações entre 1,33 x 10(8 e 6,93 x 10(9 UFC/ml, sendo que a maior média obtida refere-se ao meio de cultura próprio para desenvolvimento de estafilococos, indicando, em certos casos, presença da espécie Staphylococcus aureus, microrganismos que não fazem parte da microbiota bucal normal, sendo comumente encontrados na cavidade nasal e superfícies epiteliais das mãos. CONCLUSÃO: constatou-se que os alicates ortodônticos apresentam-se contaminados, como qualquer outro instrumental odontológico, após serem empregados em atendimentos clínicos. Em razão disso, há necessidade de submetê-los previamente aos procedimentos de esterilização após cada utilização em pacientes.OBJECTIVE: To evaluate bacterial contamination in the active tip of orthodontic pliers used in an academic setting. METHODS: Thirty-four pliers were selected: 17 debonding pliers and 17 model 139 pliers

  13. TESTICULAR AND EPIDIDYMAL HISTOPATHOLOGICAL EVALUATION IN MONGREL ADULT DOGS FROM SÃO JOÃO DA BOA VISTA (SP REGION AVALIAÇÃO HISTOPATOLÓGICA TESTICULAR E EPIDIDIMÁRIA EM CÃES ADULTOS SEM RAÇA DEFINIDA (SRD DA REGIÃO DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renée Laufer Amorim

    2007-12-01

    srd da região de São João da Boa Vista, SP, além da freqüência de acordo com o porte e a ocorrência simul-tânea de lesões testiculares e epididimárias. A utilização de animais srd fundamentou-se no predomínio destes na população canina brasileira. Para tal, analisaram-se testículos e epidídimos de sessenta cães adultos, com idades entre três e seis anos, oriundos de campanha de castração, os quais foram subdivididos em grupos de pequeno porte (28 animais, médio porte (18 animais e grande porte (14 animais. Na avaliação microscópica dos 120 testículos, observou-se a ocorrência de 107 casos de degeneração, 89 de atrofia tubular, 16 de hipoplasia, seis de orquite, três de leydigocitoma, dois normais, um caso de sertolioma e um de edema. À análise epididimária observaram-se 55 epidídimos normais, 36 casos de epididimite, 22 de hiperplasia epitelial papilar, 14 de degeneração, 12 de hiperplasia epitelial cribriforme, três de fibrose, um de edema, um de adenomiose e um de granuloma espermático. Cães de médio e grande apresentaram maior ocorrência de lesões testiculares e epididimárias. Constatou-se hiperplasia epididimária cribriforme, além da proposição de hiperplasia epididimária epitelial papilar para as projeções epiteliais digitiformes com morfologia normal na luz epididimária em cães.

    Palavras-chaves: Alterações histopatológicas, cão, epidídimo, testículo.

  14. Quadro clínico-patológico do envenenamento crotálico experimental em bubalinos comparado com o de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Diomedes Barbosa

    2011-11-01

    cambaleante, dificuldade na apreensão dos alimentos; nos bovinos ainda foram observados paralisia do globo ocular, revelada através da não exposição da esclera durante a rotação da cabeça na direção latero-caudal. Tanto nos bovinos quanto nos bubalinos, verificou-se no leucograma, leucocitose por neutrofilia, e na bioquímica sérica, aumento nos níveis de alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, creatinaquinase e dehidrogenase láctica. Não houve alterações na urinálise, nem no tempo de ativação da protrombina e nem no tempo de tromboplastina parcial ativada. À necropsia evidenciou-se apenas discreto edema correspondente ao local da inoculação em um bovino. Os achados histopatológicos observados foram picnose nos núcleos de células epiteliais de alguns túbulos uriníferos no córtex renal (em um búfalo e um bovino e fígado com leve vacuolização de hepatócitos (em um bovino.

  15. Adhesive properties of an outer structure of Clostridium perfringens type A isolated from piglets with with catarrhal enteritis Propriedades adesivas de uma estrutura externa de Clostridium perfringens tipo A isolada de leitões com enterite catarral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Pelosi Teixeira

    1999-07-01

    adesão era provavelmente uma glicoproteína. O tratamento pelo calor das suspensões bacterianas (100ºC/5min diminuiu o AI ao nível dos controles negativos. Soro de coelho anti-S32 inibiu a aderência a células HeLa até a diluição de 1:640, pelo menos. O teste da alça ligada de leitão recem nascido demonstrou que a amostra S32 era capaz de aderir às células epiteliais intestinais, conforme demonstrado pela coloração de Gram de secções histológicas do intestino dos animais inoculados. O estudo em Microscópio Eletrônico de Transmissão demonstrou que a amostra S32 de Cl. perfringens mostrava um material de natureza fibrilar frouxa, ao contrário da amostra Jab-1 (controle negativo que demonstrava uma aparência "nua ou lisa". A estabilização das células bacterianas com antissoro homólogo (S32, seguida de coloração com vermelho de rutenio, revelou de maneira mais nítida que longos materiais fibrilares, de aparência frouxa, se estendendo para longe da célula bacteriana, ligando por vezes estas células entre si. A possibilidade desta estrutura ser uma adesina para esta amostra de Cl. perfringens tipo A, talvez desempenhando um papel na patogenia da enterite catarral de leitões, depende de mais estudos.

  16. Validade da citologia e da biópsia orientada pela colposcopia no diagnóstico do carcinoma cervical pré-clínico Validity of cytology and colposcopy - guided biopsy for the diagnosis of preclinical cervical carcinoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Franklin Ferreira Reis

    1999-05-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a eficácia da citologia e da biópsia orientada pela colposcopia na discriminação entre o carcinoma invasor pré-clínico e as lesões intra-epiteliais. Pacientes e Métodos: 441 pacientes submetidas a conização, histerectomia e operação de Wertheim-Meigs, no período de 1978 a 1995, no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Setor de Patologia Cervical. Foram efetuados os cálculos da sensibilidade, especificidade, valores preditivos, razão de verossimilhança e intervalos de confiança de cada exame, divididos em quatro categorias: normal e inflamatório; displasia leve e displasia moderada; displasia acentuada e carcinoma in situ, e carcinoma microinvasor e invasor. As biópsias foram analisadas como um todo e separadas pelo tipo de colposcopia (satisfatória e insatisfatória. Resultados: a citologia mostrou sensibilidade de 50%, especificidade de 89%, valor preditivo positivo de 63% e valor preditivo negativo de 82%. As razões de verossimilhança foram 4,4 para o diagnóstico de invasão, 0,7 para displasia acentuada e carcinoma in situ, 0,1 para displasia leve e moderada, 2,2 para normal e inflamatório e 0,6 para o conjunto de resultados negativos para invasão. A biópsia orientada pela colposcopia apresentou sensibilidade de 50%, especificidade de 100%, valor preditivo positivo de 100% e valor preditivo negativo de 83%. As razões de verossimilhança foram: tendendo ao ¥ para o resultado de invasão, 0,5 para displasia acentuada e carcinoma in situ, 0,2 para displasia leve e moderada, 0,3 para normal e inflamatório e 0,5 para o conjunto de resultados negativos para invasão. A biópsia orientada pela colposcopia satisfatória com lesão visível mostrou sensibilidade de 59%, especificidade de 100%, valor preditivo positivo de 100% e valor preditivo negativo de 83%. As razões de verossimilhança foram: tendendo ao ¥ para o resultado positivo de invasão, 0

  17. Intoxicação por Brachiaria spp. em bovinos no Mato Grosso do Sul Brachiaria spp. poisoning in cattle in Mato Grosso do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roosevelt I.C. Souza

    2010-12-01

    Full Text Available Mediante a revisão dos arquivos das fichas de necropsia do Laboratório de Patologia Animal, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, foram estudados a epidemiologia, o quadro clínico e a patologia de 29 surtos de intoxicação por Brachiaria spp., ocorridos em bovinos de corte, no Mato Grosso do Sul, de março de 1996 a novembro de 2009. Os surtos ocorreram em todas as épocas do ano, tanto na seca quanto na chuva. Em 24 dos 29 surtos o principal sinal clínico foi a fotossensibilização e em cinco o principal sinal foi o emagrecimento progressivo. Dos 24 surtos de fotossensibilização, 11 ocorreram em pastagens de B. decumbens, dois em pastagens mistas de B. decumbens e B. brizantha, um em B. brizantha e em 10 surtos não foi informada a espécie de Brachiaria envolvida. A morbidade variou de 0,2% a 50% e a letalidade de 44,4% a 100%. Nos casos de fotossensibilização o edema de barbela foi o sinal clínico mais encontrado em bovinos, seguido de dermatite com pele espessada no flanco e períneo, retração cicatricial auricular, icterícia, corrimento ocular. crostas auriculares e oculares, e ulcerações na parte ventral da língua. Em dois surtos foram observados sinais nervosos e em um, diarréia. Nas necropsias o fígado estava aumentado de tamanho, amarelado, com padrão lobular aumentado e, ocasionalmente, com áreas esbranquiçadas e deprimidas. Os rins estavam acastanhados e a urina escura. No exame histológico do fígado encontrou-se tumefação e vacuolização de hepatócitos, proliferação de células epiteliais dos ductos biliares, retenção biliar, fibroplasia periportal discreta ou moderada e infiltrado mononuclear periportal. Todos os casos de fotossensibilização apresentaram macrófagos espumosos no parênquima hepático e em 21 foram observados cristais birrefringentes nos ductos biliares. Cinco surtos com emagrecimento progressivo dos bovinos afetados foram diagnosticados em pastagens de B. decumbens. A

  18. Caracterização clinicopatológica da mamilite aguda em ovelhas lactantes infectadas experimentalmente com o herpesvírus bovino 2 Clinic and pathological characterization of acute mammillitis in lactating ewes inoculated with bovine herpesvirus 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina R. Almeida

    2008-01-01

    Full Text Available A mamilite causada pelo herpesvírus bovino tipo 2 (BoHV-2 possui importante repercussão sanitária em gado leiteiro de alguns países, mas a sua patogenia permanece pouco conhecida. Este trabalho descreve a reprodução e caracterização da mamilite aguda em ovelhas lactantes inoculadas com o BoHV-2 na pele do úbere e dos tetos. Cinco de oito ovelhas inoculadas desenvolveram extensas placas com necrose focal, pequenas vesículas e formação de crostas nos locais de inoculação. As lesões foram inicialmente observadas no 4º dia pós-inoculação (pi, progrediram em extensão e gravidade até os dias 7-8pi e posteriormente regrediram. O vírus foi isolado das lesões entre os dias 7 e 8 pi. Antígenos virais e partículas típicas de herpesvírus foram demonstrados por microscopia eletrônica em biópsias de lesões coletadas nos dias 5, 6 e 10pi. Os achados histológicos foram caracterizados por necrose epitelial, erosões e úlceras, com formação de células sinciciais e infiltrado inflamatório linfoplasmocitário na derme. Associadas a essas lesões observaram-se inclusões eosinofílicas intranucleares em células epiteliais, sinciciais e inflamatórias. Em um segundo experimento, 7 de 10 cordeiros inoculados na mucosa nasal desenvolveram hiperemia e descarga nasal, bem como vesículas e erosões no focinho. O vírus foi isolado das secreções nasais por até três dias e todos os cordeiros soroconverteram ao BoHV-2. Tentativas de reativar a infecção latente pela administração de dexametasona no 40º dia pi foram infrutíferas, pois não foram observados re-excreção viral, recrudescência clínica ou soroconversão. Esses resultados demonstram que ovelhas são susceptíveis à infecção experimental pelo BoHV-2 e desenvolvem lesões semelhantes às observadas em casos naturais de mamilite herpética. Além disso, esses resultados sugerem o uso dessa espécie animal como modelo para o estudo de vários aspectos da biologia da

  19. A study of the endocervical columnar cells I - morphology and frequency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eitel Duarte

    1966-01-01

    dados clínicos como a idade da mulher, a presença e o dia do ciclo menstrual e o número de filhos, os dados observados nos cortes histológicos como a intensidade da inflamação, a presença e a extensão da metaplasia, o aspecto do epitélio actocervical, a presença e o número de cistos de Naboth, o número de glândulas endocervicais, a presença e o número de cistos endocervicais, o conteúdo do canal cervical e, finalmente, o tempo decorrido entre a coloração e a leitura da lâmina e o diagnóstico anátomo-clínico. Como o número de células fosse muito grande em cada caso, procurou-se organizar, com auxílio das 26 letras, uma representação gráfica da frequência das diferentes epiteliais ( de revestimento e das glândulas em ordem númerica decrescente. Esta representação gráfica recebeu o nome de EPITELIOGRAMA. O epiteliograma serviu para mostrar que cada mulher sexualmente madura apresenta "composição celular" própria, individual. Após estudo estatístico de um milhão de células cilíndricas verificamos que as células basófilas (D - E - F - G -H predominam nas glândulas e as células anfófilas e eosinófilas (K - L - M - N- O - V predominam na superfície. As células ciliadas grossas (Y predominam nas glândulas e as ciliadas delsgadas (Z, na superfície. As células mais freqüentemente encontradas são, em ordem descrescente, E - D - K - G - M - L- V. As células mais raras são T - X - C. As células "secretoras" apresentaram freqüência de 95 por cento e as ciliadas 5 por cento.

  20. Rastreamento anterior para câncer de colo uterino em mulheres com alterações citológicas ou histológicas Previous screening for cervical cancer among women with cytological and histological abnormalities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C Rama

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a história de rastreamento citológico anterior em mulheres que apresentaram alterações citológicas e confirmação histológica para câncer cervical. MÉTODOS: Estudo transversal com 5.485 mulheres (15-65 anos que se submeteram a rastreamento para o câncer cervical entre fevereiro de 2002 a março de 2003, em São Paulo e Campinas, SP. Aplicou-se questionário comportamental e foi feita a coleta da citologia oncológica convencional ou em base líquida. Para as participantes com alterações citológicas indicou-se colposcopia e, nos casos anormais, procedeu-se à biópsia cervical. Para investigar a associação entre as variáveis qualitativas e o resultado da citologia, utilizou-se o teste de qui-quadrado de Pearson com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Dentre os resultados citológicos, 354 (6,4% foram anormais, detectando-se 41 lesões intra-epitelial escamosa de alto grau e três carcinomas; em 92,6% revelaram-se normais. De 289 colposcopias realizadas, 145 (50,2% apresentaram alterações. Dentre as biópsias cervicais foram encontrados 14 casos de neoplasia intra-epitelial cervical grau 3 e quatro carcinomas. Referiram ter realizado exame citológico prévio: 100% das mulheres com citologia compatível com carcinoma, 97,6% das que apresentaram lesões intra-epiteliais de alto grau, 100% daquelas com confirmação histológica de carcinoma cervical, e 92,9% das mulheres com neoplasia intra-epitelial cervical grau 3. A realização de citologia anterior em período inferior a três anos foi referida, respectivamente, por 86,5% e 92,8% dessas participantes com alterações citológicas e histológicas. CONCLUSÕES: Entre as mulheres que apresentaram confirmação histológica de neoplasia intra-epitelial cervical grau 3 ou carcinoma e aquelas que não apresentaram alterações histológicas não houve diferença estatisticamente significante do número de exames citológicos realizados, bem como o tempo

  1. Hepes na produção de embriões bovinos in vitro Hepes on in vitro production of bovine embryos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Marcos Montagner

    2000-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi de avaliar a amplitude da variação de pH em meios de maturação e de cultivo embrionário, com diferentes concentrações do tampão HEPES. Inicialmente, foi determinado o efeito de diferentes concentrações de HEPES (0, 12,5 e 25,0mM na variação do pH dos meios de maturação (TCM-199 modificado e desenvolvimento embrionário (KSOM modificado em meio ambiente, à temperatura de 25ºC, e na estufa, em uma atmosfera de 5% de CO2 em ar a 39ºC. Em um segundo experimento, os oócitos foram maturados em TCM-199 modificado sem HEPES (142 oócitos ou com 25,0mM de HEPES (137 oócitos e foi avaliado índice de blastocisto. O meio Fert-TALP foi utilizado para a fecundação, sendo que os embriões foram co-cultivados com células epiteliais de oviduto (CEO em KSOM modificado com 10% de SFB. Um terceiro experimento foi delineado para determinar a importância da presença do HEPES no meio de cultivo embrionário sobre o desenvolvimento de embriões bovinos in vitro. Para isso, após a retirada do cumulus, os zigotos foram divididos ao acaso e co-cultivados com CEO em KSOM modificado (com 10% de SFB sem HEPES (grupo controle; n = 95 ou com 25,0mM de HEPES (grupo HEPES; n = 92. Foram mantidos em cultivo somente os embriões com duas ou mais células, sendo considerados desenvolvidos os que atingiram o estádio de blastocisto expandido (Bx, 7 e 9 dias após inseminação. O cultivo dos oócitos e embriões, em ambos os experimentos, foi efetuado em estufa a 39ºC, com uma atmosfera contendo 5% de CO2 e umidade saturada. Os resultados mostram que os meios contendo 25,0mM de HEPES foram mais eficientes em minimizar a variação do pH que os meios com 12,5mM ou sem HEPES. Além disso, a adição de HEPES ao meio de maturação aumentou os índices de Bl sobre o total de oócitos e sobre o total de clivados (21,9% e 42,86% com relação ao controle (10,56 e 16,67%; pThe aim of the present study was to evaluate the range

  2. Alterações dos biomarcadores da inflamação no líquido de Lavagem Broncoalveolar e Mucosa Brônquica de individuos saudáveis expostos a 0.2 PPM de Ozono.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.T. Krishna

    1998-07-01

    Full Text Available RESUMO: A exposição de curta duração a elevados níveis de ozona no ar ambiente induzem um aumento de neutrófilos e alteração da função pulmonar em indivíduos saudáveis (1,9.Com o objectivo de investigar os mecanismos que contribuem para o recrutamento de neutrófilos e de analisar o papel das células T na resposta inflamatória aguda, os autores expuseram 12 individuos saudáveis não fumadores, a 0.2 partes por milhão (ppm de ozono e ar filtrado em dois periodos separados por duas horas de intervalo com fases intermitentes de repouso e exercício (ventilação minuto=30 L.min-1. Foi realizada broncofibroscopia 6 horas após terminar a exposição.No líquido de lavagem broncoalveolar (BAL, foi feita a contagem celular total e diferencial e determinadas as proteinas totais, triptase, mieloperoxidase, interleucina (IL-8 e factor de crescimento relacionado como oncogene-alfa (Gro-α. Foi também realizada citometria de fluxo nas células do BAL para estudar o total de células T, os receptores das células T (αβ e γδ, as subpopulações de células T (CD4+ e CD8+ e as células T activadas (CD25+, Nas biópsias brônquicas, foram quantificados por imunohistoquímica, neutrófilos, mastocitos, número total de células T, células TCD4+, CD8+, CD25+, moléculas de adesão endotelial incluindo selectina-P, selectina-E, molécula de adesão intercelular (ICAM-1 e molécula de adesao vascular (VCAM-1.Foram realizados broncofibroscopia e BAL em 9 individuos. Após a exposição ao ozono, verificouse no líquido de BAL um aumento na proporção de neutrófilos polimorfonucleados (PMNs (p=0.07 e células epiteliais (p=0.05. Verificou-se também um aumento das concentrações de IL-8 (p=0.01, Gro-α (p=0.05 e proteina total (p=0.058.Foi demonstrada uma correlação fortemente positiva entre as duas citocinas e a

  3. Use of a lactic acid plus lactoserum intimate liquid soap for external hygiene in the prevention of bacterial vaginosis recurrence after metronidazole oral treatment Uso do ácido láctico com lactoserum em sabonete líquido íntimo para higiene externa na prevenção da recorrência de vaginose bacteriana após tratamento oral com metronidazol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Valeria Bahamondes

    2011-08-01

    uso de acido láctico com lactoserum em sabonete líquido iniciado imediatamente após o tratamento com metronidazol oral e qualidade de vida das participantes. MÉTODOS: Um total de 123 mulheres com dianóstico de VB com ao menos três dos seguintes critérios: 1 leucorreia vaginal homogênea sem inflamação de vagina ou vulva; 2 pH vaginal ≥ 4,5; 3 teste positivo de Whiff; e 4 "clue cells" em mais de 20% das células epiteliais na vagina. O escore de Nugent ≥ 4 na bacterioscopia vaginal também foi usado. Após o diagnóstico de VB, metronidazol 500 mg oral foi ministrado durante 7 dias. Pacientes curados da VB foram instruídos a usar 7,5 a 10 mL de acido láctico com lactoserum em sabonete líquido uma vez ao dia para higiene da genitália externa. Três visitas de controle foram agendadas (30, 60 e 90 dias; ± 5 dias. Um questionário foi aplicado na forma de escala visual análoga (EVA em todas as visitas sobre: 1 nível de conforto na região genital; 2 mau odor na genitália; 3 conforto na relação sexual; 4 satisfação com higiene íntima; e 5 autoestima. RESULTADOS: Noventa e duas (74,8% mulheres iniciaram o uso de ácido láctico com lactoserum líquido na visita 1. Na visita 2, 3 e 4 foram 84, 62 e 42 mulheres para avaliação, respectivamente. A taxa de recorrência da VB foi 19,0%, 24,2% e 7,1%, respectivamente nas três visitas e candidíase vaginal foi observada em cinco mulheres. Qualidade de vida foi avaliada em 42 mulheres que completaram as quatro visitas agendadas e houve uma melhora significativa nos cinco domínios avaliados. CONCLUSÃO: O uso de acido láctico com lactoserum em sabonete líquido para higiene externa intima pode ser uma opção para a prevenção da recorrência de VB após tratamento e cura com metronidazol oral

  4. Relação entre a duração da cessação tabágica e a inflamação brônquica na DPOC Relation between duration of smoking cessation and bronchial inflammation in COPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T S Lapperre

    2006-05-01

    de plasmócitos que os fumadores. - Correlação entre duração de exposição e inflamação A duração da cessação tabágica estava associada a valores mais altos de CD3, CD4, plasmócitos, e uma tendência para mais alto CD4/CD8. Excluindo os fumadores, a maior duração de cessação tabágica estava associada a CD8/CD3 mais baixo e tendência para plasmócitos mais altos. O valor de UMA estava inversamente correlacionado com os níveis de plasmócitos. Na discussão, os autores salientam que este será o 1º estudo a avaliar e comparar a inflamação brônquica em fumadores versus ex-fumadores, e se o tipo da inflamação terá relação com o tempo de cessação tabágica. Fica demonstrada a persistência de inflamação, num grupo de doentes com DPOC ex-fumadores, aproximando-se o perfil inflamatório, após a cessação tabágica superior a 3,5 anos, da reversão do estado de imunossupressão, isto é, com aumento de CD4 e CD8 inicialmente e posteriormente descida de CD8 e aumento dos plasmócitos. Esta inflamação persistente na DPOC após a cessação tabágica sugere a presença de estímulos persistentes que actuam independentemente do fumo do tabaco. Várias explicações têm sido referidas na literatura como, a colonização crónica por vírus ou bactérias, alteração do balanço de mecanismos endógenos pró-inflamatórios e anti-inflamatórios auto-perpetuantes desencadeados pelo tabaco, fenómenos do tipo auto-imune ou ainda a persistência de apoptose das células epiteliais que pode ser o estímulo indutor de persistência da inflamação.

  5. Intoxicação por Mascagnia rigida (Malpighiaceae em ovinos e caprinos Poisoning by Mascagnia rigida (Malpighiaceae in sheep and goats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jackson S. de Vasconcelos

    2008-10-01

    Full Text Available Mascagnia rigida é a planta tóxica mais importante para bovinos na região Nordeste, causando morte súbita associada ao exercício. O presente trabalho teve como objetivos descrever três surtos de intoxicação por M. rigida em ovinos e um surto em caprinos no semi-árido da Paraíba, reproduzir experimentalmente a intoxicação em ovinos e caprinos, e comprovar a passagem do princípio ativo de M. rigida pelo colostro destes pequenos ruminantes. Os surtos ocorreram no início do período chuvoso, quando a planta brota antes do que outras forrageiras ou após o final desse período, quando após secarem algumas forrageiras, M. rigida permanece verde. Na reprodução experimental da intoxicação por M. rigida, doses de 10 e 20g/kg de peso animal, com as planta proveniente de duas regiões diferentes, foram letais para três caprinos e três ovinos. Um caprino que ingeriu 20g/kg da planta um ovino que ingeriu 10g/kg, se recuperaram. Dois ovinos e dois caprinos que ingeriram 5g/kg tiveram sinais discretos e se recuperaram. Tanto os casos experimentais quanto os espontâneos apresentaram ingurgitamento das veias jugulares, relutância em caminhar, decúbito externo abdominal, incoordenação, respiração ofegante, depressão, instabilidade e tremores musculares. A morte ocorreu após um curso clínico de alguns minutos a 27h40 min. As principais lesões foram edema pulmonar e vacuolização e necrose de células epiteliais dos túbulos renais. Para testar se o princípio ativo de M. rigida é eliminado pelo leite causando morte súbita nas crias foi realizado um experimento com duas cabras e cinco ovelhas que ingeriram, diariamente, 2g/kg de M. rigida, nos 15 dias anteriores ao parto. Uma ovelha que tinha gestação gemelar abortou depois de ter ingerido a planta por 10 dias. Os cordeiros das demais ovelhas mamaram normalmente o colostro sem aprestar sinais clínicos. O cabrito de uma cabra mamou o colostro e 5 minutos após morreu subitamente

  6. Células inflamatórias e seus mediadores na patogênese da DPOC Inflammatory cells and their mediators in COPD pathogenesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Henrique da Costa

    2009-01-01

    Full Text Available A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC é causada por processo inflamatório crônico que limita o fluxo aéreo, sendo sua principal causa o tabagismo. Conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS, a DPOC será a quarta causa de mortalidade em 2020, atrás apenas das doenças vasculares, cardíacas e cerebral, além das neoplasias. Apesar do enorme crescimento da prevalência e da mortalidade da DPOC, não existe nenhuma terapêutica que consiga controlar a evolução da doença estabelecida. O processo inflamatório crônico causado pelos gases da fumaça de tabaco desencadeia alterações estruturais que predominam nas pequenas vias aéreas (menores que 2 mm. Essa agressão provoca um processo inflamatório que conta com a participação não apenas de macrófagos, linfócitos e neutrófilos, mas células estruturais como epiteliais, musculares e fibroblastos. Atualmente, a interação entre macrófagos e linfócitos, especialmente CD8+, tem sido implicada na patogênese da DPOC. Quimiocinas como CXCL9/MIG, CXCL10/IP-10, CXCL11/I-TAC e CCL5/RANTES têm sido descritas como possíveis responsáveis pelo recrutamento de linfócitos T e monócitos sanguíneos, facilitando o aumento de macrófagos alveolares e linfócitos T CD8+ no parênquima dos pacientes com DPOC. Conhecer melhor como ocorre o tráfego de células mononuclerares em direção ao pulmão é fundamental não só para um maior entendimento da patogênese da DPOC, mas para o desenvolvimento de terapêuticas adequadas. Com base nessas evidências tem sido proposto o estudo de moléculas capazes de bloquear de forma específica o recrutamento de células inflamatórias para o pulmão por meio de ação direta nos seus receptores.Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD is considered to be a progressive disease characterized by chronic inflammation and irreversible airflow obstruction, mainly caused by tobacco smoking. Based on World Health Organization data, COPD

  7. Anatomia dos órgãos vegetativos e histolocalização de compostos fenólicos e lipídicos em Porophyllum ruderale (Asteraceae Vegetative organ anatomy and histolocalization of lipids and phenolics compounds in Porophyllum ruderale (Asteraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C.M. Fonseca

    2006-12-01

    Full Text Available Porophyllum ruderale (Asteraceae é uma erva ruderal e aromática conhecida popularmente como couve-cravinho. Na medicina popular, é utilizada como cicatrizante e antiinflamatória, antifúngica, antibacteriana, calmante, no combate à hipertensão arterial, no tratamento de leishmaniose, no tratamento de edemas e traumatismos, no tratamento de picada de cobra, doenças reumáticas e dores em geral. A atividade cicatrizante tem sido relacionada à presença de teores variáveis de compostos fenólicos do tipo taninos. Os objetivos do trabalho foram caracterizar as estruturas secretoras quanto à histolocalização dos compostos fenólicos e lipídicos e descrever a anatomia da raiz, do caule e da folha de couve-cravinho. De cinco plantas cultivadas, em fase de prefloração, foram coletadas a raiz, o caule e a folha, os quais foram fixados em FAA 50 ou em sulfato ferroso em formalina neutra tamponada (para observação de compostos fenólicos e submetidos ao teste com Sudan III, visando a observação de compostos lipídicos. O laminário foi obtido utilizando-se metodologia tradicional. As raízes são tetrarcas, desenvolvem estrutura secundária e apresentam ductos secretores, os quais estavam presentes no córtex. O caule possui epiderme unisseriada recoberta por cutícula relativamente espessa; o parênquima cortical é intercalado com o colênquima subepidérmico; a medula é parenquimática; e os feixes são colaterais. Nos caules, os ductos também estavam presentes, porém somente nos jovens a reação para compostos fenólicos foi positiva. Nas folhas, o contorno das células epidérmicas é sinuoso e a epiderme é unisseriada e recoberta por cutícula delgada. São evidentes duas a três camadas de colênquima subepidérmico, e imerso no parênquima fundamental está o feixe colateral. No limbo foliar, foram observados ductos delimitados por várias camadas de células epiteliais, cujo conteúdo reagiu positivamente, indicando a

  8. Variação da toxidez de Arrabidaea bilabiata (Bignoniaceae em coelhos Variation of the toxicity of Arrabidaea bilabiata (Bignoniaceae in rabbits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia F. Jabour

    2006-09-01

    Full Text Available A brotação e as folhas maduras dessecadas e trituradas de Arrabidaea bilabiata, um cipó ou arbusto escandente da família Bignoniaceae, foram administradas em suspensão aquosa por via intragástrica a 15 coelhos adultos nas doses que variaram de 0,25-6,0g/kg. Nos experimentos com a brotação coletada em outubro (fim da época de seca, a menor dose que causou a morte dos coelhos foi de 0,5g/kg e em maio (fim da época de cheia, a menor dose que causou a morte foi de 1,0g/kg. Já com as folhas maduras coletadas em outubro a menor dose que causou a morte dos coelhos foi de 4,0g/kg e em maio, a menor dose que causou a morte foi de 6,0g/kg. A evolução em todos os casos letais foi superaguda. Clinicamente os coelhos de súbito debatiam-se com força na gaiola, caiam em decúbito lateral ou esternal, faziam movimentos de pedalagem, apresentavam acentuada dispnéia e morriam. À necropsia não foram observadas alterações significativas e ao exame histopatológico as lesões mais importantes caracterizaram-se, nos rins, por degeneração hidrópico-vacuolar das células epiteliais dos túbulos contornados distais, no fígado por vacuolização difusa do citoplasma e necrose de hepatócitos, predominantemente centro-lobular e paracentral e presença de esférulas eosinofílicas nos sinusóides hepáticos, no coração, por grupos de fibras cardíacas com eosinofilia aumentada, além de congestão nos rins, fígado, coração e pulmão. Neste estudo ficou estabelecido que a toxidez de A. bilabiata varia de acordo com a época do ano e o estado de maturação, pois essa planta foi mais tóxica em outubro e quando em brotação, confirmando, assim, os dados obtidos previamente em bovinos e búfalos.The dried and powdered mature leaves and sprouts of Arrabidaea bilabiata (fam. Bignoniaceae, a liana or scandent shrub, were administered by stomach tube to 15 rabbits at doses of 0.25-6.0g/kg. The lowest dose of the sprouts collected in October (End of

  9. Intoxicação experimental por monofluoroacetato de sódio em bovinos: aspectos clínicos e patológicos Experimental poisoning by sodium monofluoroacetate in cattle: clinical and pathological aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian A. Nogueira

    2010-07-01

    Full Text Available Monofluoracetato de sódio (MF foi identificado, por cromatografia, em três das doze plantas que causam morte súbita em bovinos no Brasil, incluindo Palicourea marcgravii, a mais importante desse grupo. Uma lesão considerada típica por alguns autores para intoxicação foi¹ a degeneração hidrópico-vacuolar dos túbulos uriníferos contorcidos distais (DHV. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de MF induz sinais clínicos e lesões similares às observadas nos bovinos intoxicados pelas plantas que causam morte súbita. Seis vacas receberam, por via oral, 0,5 e 1,0mg/kg de MF diluídos em 50mL de água destilada. Clinicamente, os animais apresentaram taquicardia, jugular repleta com pulso venoso positivo, respiração abdominal, ligeira perda de equilíbrio, por vezes cambaleavam, deitavam e apoiavam a cabeça no flanco. Na fase final (agônica, todos os animais caíam em decúbito lateral, esticavam os membros, faziam movimentos de pedalagem, apresentavam opistótono, nistagmo, mugidos e a morte ocorria em 2-14 minutos. À necropsia verificaram-se aurículas, jugulares, ázigos e pulmonares moderadamente ingurgitadas. Observaram-se ainda leve a moderado edema da subserosa nos locais de fixação da vesícula biliar no fígado, além de leve edema entre o duodeno e o pâncreas. O exame histopatológico revelou, em todos os animais, desde leve a acentuada DHV das células epiteliais dos túbulos uriníferos contorcidos distais associada à cariopicnose. Com relação à ultraestrutura, observou-se vacuolização do citoplasma devido ao acúmulo de água. Vacuolização e necrose de coagulação individual ou de grupos de hepatócitos e leve congestão hepática secundários à estase venosa também foram observados. DHV tem sido observada em casos de envenenamento por outras substâncias, porém nestes não está restrita aos túbulos distais e não se observa cariopicnose. Este estudo demonstra que a DHV dos t

  10. Screening for cervical cancer: new alternatives and research Detección oportuna de cáncer cervical: nuevas alternativas y pautas de investigación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Attila T Lörincz

    2003-01-01

    masivo. La implantación de pruebas de PCR son esperadas para contribuir en el mejoramiento de pruebas más costo-efectivas y flexibles. Es factible que el mejoramiento en la tecnología diganóstica en la genotipificación y cuantificación del virus del papiloma humano puedan proveer mayor valor en el futuro. Una posibilidad promisoria es la combinación de pruebas de este virus con niveles de expresión de otros marcadores como células proliferativas o proteínas del ciclo regulatorio que subdividen mujeres positivas a este virus en aquellas que tienen el más alto riesgo de cáncer y aquellas que, en forma segura, pueden ser tamizadas a más largos intervalos.

  11. Anestesia para peritonectomia com quimioterapia intraperitoneal hipertérmica transoperatória: relato de caso Anestesia para peritonectomía con quimioterapia intraperitoneal hipertérmica transoperatória: relato de caso Anesthesia for peritonectomy with hyperthermic intraoperative peritoneal chemotherapy: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giorgio Pretto

    2010-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O pseudomixoma peritoneal é uma condição rara, relacionada com neoplasias epiteliais de apêndice e ovário. O tratamento de escolha é a citorredução cirúrgica, peritonectomia e quimioterapia intra-abdominal hipertérmica transoperatória (QIAHT. Cabe ao anestesiologista a manutenção de normovolemia, normotermia, manejo da dor pós-operatória e do estado de coagulação. O objetivo foi descrever um caso de peritonectomia com QIAHT. RELATO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 37 anos, ASA I, apendicectomia há 3 meses, com laudo anatomopatológico de cistoadenoma mucinoso. Após revisão da peça, evidenciou-se pseudomixoma peritoneal, com indicação de peritonectomia com QIAHT. Instalou-se cateter peridural (T11-T12, dose-teste e morfina. Procedeu-se à indução anestésica com remifentanil 0,4 µg.kg-1.min-1, propofol e rocurônio, além de intubação orotraqueal em sequência rápida. A manutenção foi realizada com remifentanil, sevoflurano e rocurônio, conforme o TOF. Ropivacaína 50 mg e fentanil 100 µg em 10 mL foram administrados via cateter peridural 10 minutos antes da incisão. Durante toda a cirurgia, PVC, SpO2, FeCO2, temperatura, frequência cardíaca, PAM e diurese mantiveram-se em valores estáveis dentro da normalidade, inclusive no período da QIAHT. Redução no hematócrito e SvO2, alargamento do TAP e plaquetopenia foram corrigidos com a administração de hemocomponentes. Após 13 horas de cirurgia, a paciente foi admitida na UTI em ventilação controlada. Foi extubada no 1º dia de pós-operatório, recebendo alta hospitalar no 17º dia de internamento. CONCLUSÕES: A citorredução cirúrgica e a peritonectomia com QIAHT surgiram na década de 1990, com diversos estudos revelando aumento significativo da sobrevida. Pela complexidade do procedimento e grande porte cirúrgico, é fundamental a vigilância do anestesiologista para a manutenção dos parâmetros cl

  12. Efeito a Iongo prazo do budesonido inalado na doença pulmonar obstrutiva crónica ligeira e moderada: ensaio controlado e randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jørgen Yestbo

    2000-07-01

    da DPOC ligeira e moderada. COMENTÁRIO: Com base nas alterações inflamatórias evidenciadas na fisiopatologia da DPOC, os anti-inflamatórios, nomeadamente os corticóides inalados, têm sido largamente utilizados, contudo ainda não têm um papel bem definido.Tal como no presente trabalho, outros estudos a longo prazo mostram que o beneficia clínico na prevenção da progressão da doença e das suas exacerbações é diminuto (1,2.Os corticóides, quer inalados, quer orais, não têm um efeito significativo no número de neutrófilos ou nas citocinas, em estudos de expectoração induzida de doentes com DPOC (4,5, facto que explica a ausência de efeito dos corticóides na progressão da doença. Contudo, verifica-se um pequeno efeito na actividade quimiotática dos neutrófilos, presumivelmente mediada através de uma acção nos macrófagos e na função das células epiteliais.O estudo EUROSCOP (7 envolveu 1277 doentes com obstrução ligeira a moderada e demonstrou uma melhoria significativa do VEMS nos primeiros 3 a 6 meses de tratamento com 800 μg de budesonidoinalado. Contudo, no restante período, o declínio do VEMS foi idêntico ao observado no grupo placebo.O estudo lSOLDE englobou 990 doentes com DPOC grave, tendo-se verificado uma melhoria do VEMS após broncodilatação nos primeiros 3 a 6 meses de tratamento com 1000 μg diários de fluticasona, não se tendo observado após este período, diferenças na taxa de declínio do VEMS, relativamente ao placebo. Os autores verificaram ainda uma redução de 25% da taxa de exacerbações nos 3 anos de estudo, no grupo sob corticoterapia inalada. Foi ainda avaliada a qualidade de vida através de questionário de St. George, verificando-se que o tratamento com fluticasona permitiu reduzir a taxa de declínio da saúde, relativamente aos sintomas, actividade e impacto da doen

  13. Intoxicação espontânea por Senecio brasiliensis (Asteraceae em ovinos no Rio Grande do Sul Spontaneous poisoning in sheep by Senecio brasiliensis (Asteraceae in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia R. S. Ilha

    2001-09-01

    aglomerados nas tríades portais ou estavam dispersos entre os hepatócitos remanescentes. O material armazenado no citoplasma desses macrófagos correspondia a ceróide e cobre, positivo nas técnicas de PAS e rodanina, respectivamente. Nos rins de cinco animais, havia nefrose hemoglobinúrica caracterizada por degeneração e necrose do epitélio tubular, presença de hemoglobina e hemossiderina no citoplasma das células epiteliais dos túbulos contorcidos e cilindros de hemoglobina na luz tubular. Evidência morfológica de encefalopatia hepática incluía degeneração esponjosa (status spongiosus da substância branca do encéfalo. Achados ultra-estruturais no fígado incluíam graus variáveis de degeneração hepatocelular caracterizada pelo acúmulo de numerosas gotas lipídicas no citoplasma das células hepáticas e presença de lisossomos carregados de material eletrodenso que, na maioria dos casos, correspondia à lipofuscina-ceróide. Adicionalmente, havia discreta dilatação do retículo endoplasmático rugoso e moderada hiperplasia do retículo endoplasmático liso em algumas regiões do citoplasma dos hepatócitos. No epitélio dos túbulos contorcidos proximais do rim foi observado edema intracelular e diversas alterações mitocondriais de caráter degenerativo que incluíam tumefação, desorganização e ruptura das cristas, matriz finamente granular, acúmulo de gotículas de gordura e ruptura das membranas em alguns casos. Lisossomos contendo material fortemente eletrodenso foram observados em muitas células tubulares renais. O exame laboratorial de fragmentos de fígado e rim dos ovinos afetados revelou níveis elevados de cobre que variaram respectivamente de 369 ppm a 1248 ppm e 152 ppm a 687 ppm com base na matéria seca. O diagnóstico de intoxicação por Senecio brasiliensis baseou-se em dados epidemiológicos, clínicos, de necropsia, histopatológicos e laboratoriais.An outbreak of spontaneous Senecio brasiliensis poisoning in grazing sheep