WorldWideScience

Sample records for entre peso volume

  1. Fatores associados ao excesso de peso entre mulheres

    OpenAIRE

    Lopes,Aline Cristine Souza; Reyes,Alessandra Nunes Lima; Menezes,Mariana Carvalho de; Santos,Luana Caroline dos; César,Cibele Comini

    2012-01-01

    Objetivou-se caracterizar as usuárias e identificar os fatores associados ao excesso de peso em serviço público de Promoção à Saúde (SPS). Estudo transversal com todas as mulheres de SPS, denominado Academia da Cidade. Utilizaram-se variáveis antropométricas, consumo e hábitos alimentares, e relato de morbidades. Realizou-se análise descritiva e regressão linear múltipla (p

  2. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  3. Correlação entre peso fetal estimado por ultrassonografia e peso neonatal Correlation between estimated fetal weight by ultrasound and neonatal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djacyr Magna Cabral Freire

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a correlação entre o peso fetal estimado (PFE por ultrassonografia e o peso neonatal (PN, bem como a capacidade do PFE predizer as alterações do PN entre gestantes de João Pessoa (PB. MÉTODOS: estudo de validação diagnóstica incluindo 122 gestantes que tiveram o PFE calculado por ultrassonografia até sete dias antes do parto e o PN determinado imediatamente após o nascimento, com balança específica para recém-nascidos. A correlação entre o PFE e o PN foi avaliada pelo coeficiente de correlação de Pearson entre as duas medidas e pela média das diferenças entre elas. O PFE e o PN foram classificados em: pequeno para idade gestacional (PIG, adequado para a idade gestacional (AIG e grande para a idade gestacional (GIG, de acordo com os percentis 10 e 90 das respectivas curvas de referência. O diagnóstico de desvios do PFE foi validado utilizando a curva de valores de referência de peso neonatal de Alexander como padrão-ouro, estimando-se a sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo. RESULTADOS: houve uma elevada correlação linear entre o PFE e o PN (R=0,96 e a diferença entre eles variou entre -474 g e +480 g, com média de +3 g. A maioria das máximas variações percentuais da estimativa de peso esteve entre 10 e 15%. O PFE teve sensibilidade de 85,7% e especificidade de 100% para detecção de PIG, e de 100 e 77,2%, respectivamente, para GIG. CONCLUSÕES: o PFE é capaz de predizer adequadamente o PN, e a curva de PFE de referência testada teve bom desempenho no rastreamento dos desvios do crescimento fetal, quando utilizada nessa população.PURPOSE: to evaluate the correlation between the estimated fetal weight (EFW by ultrasonography and the neonatal weight (NW, as well as the EFW's capacity to predict changes in NW among pregnant women in João Pessoa, Paraíba, Brazil. METHODS: a diagnostic validation study, including 122 pregnant women who have had the EFW calculated

  4. Relación entre peso al nacer y madurez neuropsicológica en preescolares de Tunja (Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Humberto Parra Pulido

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivo. El presente estudio buscó establecer la relación entre el peso al nacer y la madurez neuropsicológica en preescolares de un colegio público y uno privado de la ciudad de Tunja (Colombia, al igual que las diferencias según el tipo de institución y el sexo de los participantes. Método. Por medio de un estudio descriptivo-correlacional, de corte transversal, se evaluó un grupo de 72 niños de 36 a 78 meses ( M = 54.19, DE = 9.88 con el cuestionario de Madurez Neuropsicológica CUMANIN. El peso de los niños fue ofrecido por los padres y verificado con el carné infantil de nacimiento. Resultados. Se encontraron diferencias significativas únicamente entre el peso al nacer y la subescala de psicomotricidad ( p = 0.265, IC = 95%. Las niñas presentaron mejor desempeño que los niños. La escala verbal con mejor rendimiento se presentó en los participantes del colegio privado. Discusión. El peso al nacer puede tener relación con el desarrollo psicomotor; los resultados confirman los hallazgos realizados previamente en relación con el sexo y el tipo de institución al que asisten los niños.

  5. Relación entre el peso al nacer y la mortalidad por atresia esofágica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Reyes Rodríguez

    Full Text Available Introducción: la historia del tratamiento quirúrgico de la atresia esofágica con fístula traqueoesofágica es extraordinaria, y cubre 270 años desde la primera descripción hasta el primer sobreviviente. Existen varias clasificaciones que ayudan a determinar el pronóstico de estos niños, entre las que se encuentra la de Waterston, la de Montreal y la de Spitz. La mejoría en la supervivencia no solo se debe al tratamiento quirúrgico, sino a los avances en los cuidados intensivos neonatales, particularmente el apoyo ventilatorio y nutricional que requieren estos pacientes. Los niños con mayor riesgo de muerte son aquellos con peso al nacimiento menor de 1 500 g, con malformaciones cardiacas o anomalías cromosómicas. Objetivo: determinar la influencia del peso al nacer en la mortalidad de estos pacientes. Métodos: se realizó un estudio observacional, descriptivo transversal de todos los casos diagnosticados de atresia esofágica con o sin fístula traqueoesofágica, en el periodo comprendido desde enero de 2000 hasta diciembre de 2011, en el Hospital Pediátrico Docente Provincial "José Luis Miranda", de Santa Clara, Cuba. Resultados: de los 32 pacientes estudiados, el 46,9 % pesó menos de 2 500 g. Los pacientes con un peso inferior a 2 500 g, tienen 2,2 veces más probabilidades de morir, que los que pesan más de 2 500 g. Conclusiones: el bajo peso al nacer continúa siendo significativo como predictor de mortalidad en los recién nacidos cubanos con atresia esofágica.

  6. Relación entre síntomas depresivos, Índice de Masa Corporal y autopercepción del peso en adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin Herazo

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Conocer la asociación entre síntomas depresivos, índice de masa corporal (IMC y autopercepción del peso corporal en adolescentes escolares de Bogotá, D.C. (Colombia. Materiales y métodos: Se realizó un estudio analítico transversal en el que participaron estudiantes de colegios públicos. Los síntomas depresivos se cuantificaron con la versión de 10 ítems de la escala de Zung para depresión; el IMC a partir de la toma de peso y talla; y la autopercepción de peso corporal mediante una pregunta con tres opciones de respuesta (0=bajo, normal=1 y alto=2. Se calculó el coeficiente de correlación de Spearman (rs para estimar las asociaciones. Se aceptaron como significativos valores de rs mayores de 0,300. Resultados: Participaron 321 estudiantes, con edades entre 12 y 18 años, media=14.6 años (DE=1,6; el 64,2 % fueron mujeres. Las puntuaciones para síntomas depresivos se encontraron entre 10 y 36, media=20,6 (DE=4,7, moda=21, mediana=21; los IMC se observaron entre 14,5 y 29,8, media=20,5 (DE=3,0; y la autopercepción del peso fue baja en 15,0 %, normal en 71,0 % y alta en 14,0 %. La correlación entre síntomas depresivos y autopercepción del peso fue rs=-0,019 (p=0,740; entre síntomas depresivos e IMC, rs=- 0,098 (p=0,079; y entre IMC y autopercepción de peso, rs=0,446 (p<0,001. Conclusiones: El IMC guarda una relación estadísticamente significativa con la auto- percepción del peso corporal; sin embargo, los síntomas depresivos son independientes de la autopercepción del peso corporal. Se necesitan más investigaciones con adolescentes escolares colombianos.

  7. Perturbação de ingestão compulsiva, alimentação emocional e síndrome do comer noturno: um estudo comparativo entre sujeitos com peso normal, excesso de peso e obesidade

    OpenAIRE

    Marques, Sara Isabel Pires

    2013-01-01

    A obesidade e o excesso de peso têm sido associados a determinadas perturbações psiquiátricas, especialmente, em pacientes que procuram tratamento. É sabido que a obesidade não constitui por si mesma uma perturbação psiquiátrica, porém, há que salientar que uma parte significativa da população clínica apresenta algum tipo de perturbação do comportamento alimentar, sendo que entre aquelas que mais aparecem relacionadas com o excesso de peso e obesidade estão a Perturbação de Ingestão Compulsiv...

  8. Riscos para o excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas Risk of overweight in adolescents from different socioeconomic levels

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Araújo Fernandes

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre fatores de risco e a presença do excesso de peso entre adolescentes de diferentes classes socioeconômicas. MÉTODOS: Análise transversal, da qual participaram 888 jovens de ambos os sexos e com idade variando entre 11 e 17 anos. O índice de massa corporal foi calculado por meio dos valores de massa corporal e estatura, e utilizado como indicador do excesso de peso. A atividade física, a ingestão alimentar e a classe socioeconômica (alta e baixa foram analisadas mediante a aplicação de questionários. Os dados foram analisados estatiscamente por meio dos testes Qui quadrado e regressão logística binária. RESULTADOS: Para os adolescentes de classe socioeconômica baixa, uma inadequada ingestão alimentar (Razão de chance [RC]= 4,59 e o sobrepeso dos pais (RC= 5,33 foram associados à presença do excesso de peso. Entre os adolescentes de classe socioeconômica alta, a escolaridade materna (RC= 0,57, estudar em escola privada (RC= 3,04 e o sobrepeso dos pais (RC= 3,47 foram associados à presença do excesso de peso. CONCLUSÃO: Em ambas as classes socioeconômicas, o sobrepeso dos pais foi um importante fator de risco associado ao excesso de peso. Os outros fatores de risco diferiram entre as classes socioeconômicas.BACKGROUND: To analyze the association between risk factors and presence of overweight in adolescents from different socioeconomic levels. METHODS: A cross-section analysis with 888 youths recruited from both genders with ages ranging from 11 to 17 years was carried out. The body mass index was calculated through body mass and height values, and was used as the overweight indicator. Physical activity, food intake, and socioeconomic levels (high and low were obtained by questionnaires. Data were analyzed by chi-square test and binary logistic regression. RESULTS: For adolescents in the lower socioeconomic level, both inadequate food intake (Odds Ratio [OR]= 4.59 and parent overweight

  9. Associação entre ganho de peso no primeiro ano de vida com excesso de peso e adiposidade abdominal na idade pré-escolar Asociación entre ganancia de peso en el primer año de vida con exceso de peso y de adiposidad abdominal en la edad pre-escolar Association between weight gain in the first year of life with excess weight and abdominal adiposity at preschool age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariane Leite Bertotto

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar se a mudança no escore Z do índice de massa corpórea por idade >0,67 no primeiro ano de vida se associou ao excesso de peso na idade pré-escolar. MÉTODOS: Estudo de coorte aninhado a ensaio de campo randomizado realizado na cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Foram coletados dados de peso e estatura das crianças ao nascimento, dos seis aos oito meses e dos 12 aos 16 meses. Aos três e aos quatro anos, além destes dados aferiu-se a circunferência da cintura. Calculou-se o ganho de peso pela diferença no escore Z do índice de massa corpórea/idade dos 12 até os 16 meses em relação ao índice de massa corpórea/idade ao nascimento, adotando-se ponto de corte >0,67 para ganho de peso excessivo. A relação cintura/estatura foi realizada, considerando-se excesso de adiposidade central se valores >0,5. Utilizou-se a análise multivariada para o teste da associação entre os desfechos e as variáveis independentes. RESULTADOS: A prevalência do ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida foi de 29,5% de um total de 338 crianças. Após ajuste para as variáveis sexo, grupo, peso ao nascer, tempo de aleitamento materno exclusivo e índice de massa corpórea da mãe, a mudança no escore Z >0,67 do nascimento até os 12 a 16 meses apresentou-se como fator de risco para o excesso de peso (RR 2,81; IC95% 1,53-5,16 e elevada relação cintura/altura na idade pré-escolar (RR 2,10; IC95% 1,19-3,72. CONCLUSÕES: O ganho de peso excessivo no primeiro ano de vida está associado ao excesso de peso e à elevada adiposidade abdominal na idade pré-escolar.OBJETIVO: Evaluar si el cambio en el escore Z del Índice de Masa Corporal (IMC por edad >0,67 en el primer año de vida se asoció al exceso de peso en la edad pre-escolar. MÉTODOS: Estudio de cohorte aunado a ensayo de campo aleatorio realizado en la ciudad de São Leopoldo (Rio Grande do Sul. Se recogieron datos de peso y estatura de los niños al nacer, 6 a 8 y

  10. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.

  11. Correlación y concordancia entre el peso fetal estimado por ecografía y el peso real obtenido por báscula de los recién nacidos a término en el Hospital Vicente Corral Moscoso durante el 2012

    OpenAIRE

    Becerra Pino, Iván Oliver

    2013-01-01

    Antecedentes: El ultrasonido prenatal permite el cálculo directo del tamaño del fetal y la predicción de su peso con un intervalo de confianza del 95%. Es importante conocer con anticipación el peso fetal, porque permite incrementar las probabilidades de sobrevivir que tiene un RN.- Objetivos: determinar la correlación y la concordancia entre el peso fetal estimado por ecografía y el peso real obtenido al nacer.- Materiales y métodos: Se realizó un diseño descriptivo observacional y trans...

  12. Meta-análise para estimativas de correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos

    OpenAIRE

    Giannotti,Juliana Di Giorgio; Packer,Irineu Umberto; Mercadante,Maria Eugênia Zerlotti

    2002-01-01

    O problema de combinar informações de estudos independentes atinge quase todos os campos da ciência, devido, principalmente, ao grande número de artigos científicos publicados nos últimos anos, assim sumarizar informações se tornou uma necessidade. Uma meta-análise foi conduzida com o objetivo de resumir as estimativas da correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos de corte de origem zebuína. Foi usado um conjunto de estimativas obtidas em 39 artigos publicados no período d...

  13. Obesity and underweight among Brazilian elderly: the Bambuí Health and Aging Study Obesidade e baixo peso entre idosos brasileiros: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandhi M. Barreto

    2003-04-01

    Full Text Available The coexistence of obesity (body mass index, BMI > or = 30kg/m² and underweight (BMI or = 2 hospitalizations in the previous 12 months. Both obesity and underweight were associated with increased morbidity. The association of underweight with T. cruzi infection, increased hospitalization, and low family income may reflect illness-related weight loss and social deprivation of elderly in this community. Aging in poverty may lead to an increase in nutritional deficiencies and health-related problems among the elderly.A coexistência de obesidade (Índice de Massa Corpórea: IMC > ou = 30kg/m² e de baixo peso (IMC <=20kg/m² e seus fatores relacionados foram investigados em 1.451 idosos, 85,5% da população com 60+ anos residente em Bambuí, Minas Gerais, utilizando-se a análise logística multinomial. O IMC (média = 25,0; DP = 4,9kg/m² foi maior nas mulheres e diminuiu com a idade. A obesidade ocorreu em 12,5% dos idosos; foi associada positivamente ao sexo feminino, à maior renda familiar e presença de hipertensão e diabete, e inversamente à atividade física. O baixo peso ocorreu em 14,8% dos idosos, aumentou com a idade, foi maior nos homens e nas famílias com menor renda, esteve inversamente associado à presença de hipertensão e de hiperglicemia e diretamente associado à infecção por Tripanossoma cruzi e duas ou mais internações no último ano. A obesidade e o baixo peso foram ambos associados a uma maior morbidade. A associação do baixo peso com a infecção por T. cruzi, maior hospitalização e menor renda pode estar refletindo a perda de peso secundária a doenças ou à privação social do idoso nesta comunidade. Envelhecer na pobreza pode aumentar as deficiências nutricionais e os problemas de saúde entre idosos.

  14. Associação entre abuso de álcool durante a gestação e o peso ao nascer Asociación entre abuso de alcohol durante la gestación y el peso al nacer Association between alcohol abuse during pregnancy and birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivelissa da Silva

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre abuso de álcool durante a gestação e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional aninhado a uma coorte de 957 gestantes que realizaram acompanhamento pré-natal no Sistema Único de Saúde da cidade de Pelotas, RS, e deram à luz entre setembro de 2007 e setembro de 2008. As mães foram entrevistadas em dois momentos distintos: no período de pré-parto e após o parto. Para verificar o abuso do álcool foi utilizada a escala Cut down, Annoyed by criticism, Guilty and Eye-opener. Foram realizadas análises bivariadas e regressão logística múltipla, ajustada pelas variáveis prematuridade e abuso de álcool. O nível de significância adotado foi de 95%. RESULTADOS: Das mulheres que participaram do estudo, 2,1% abusaram de álcool na gestação e, entre essas, 26,3% tiveram filhos com baixo peso. Houve associação entre o abuso de álcool e baixo peso ao nascer (p OBJETIVO: Verificar la asociación entre abuso de alcohol durante la gestación y bajo peso al nacer. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional anidado a una cohorte de 957 gestantes que realizaron acompañamiento prenatal en el Sistema Único de Salud de la ciudad de Pelotas, Sur de Brasil, y dieron a luz entre septiembre de 2007 y septiembre de 2008. Las madres fueron entrevistadas en dos momentos distintos: en el período de preparto y posterior al parto. Para verificar el abuso de alcohol fue utilizada la escala Cut down, Annoyed by criticism, Guilty y Eye-opener. Se realizaron análisis bivariados y regresión logística múltiple, ajustado por las variables prematuridad y abuso de alcohol. El nivel de significancia adoptado fue de 95%. RESULTADOS: De las mujeres que participaron del estudio, 2,1% abusaron de alcohol en la gestación y, entre ellas, 26,3% tuvieron bebés con bajo peso. Hubo asociación entre el abuso de alcohol y bajo peso al nacer (pOBJECTIVE: To assess the association between

  15. Peso ao nascer e mortalidade hospitalar entre nascidos vivos, 1975-1996 Birth weight and hospital mortality among the newborns in maternity, 1975-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gladys GB Mariotoni

    2000-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer a evolução do peso ao nascer e a mortalidade hospitalar de nascidos vivos em maternidade de Campinas, SP. MÉTODOS: Foram estudados 215.435 nascimentos ocorridos em maternidade do Município de Campinas, SP, de 1975 a 1996. As informações foram coletadas de livros de registro e relatórios de assistência médica. Foram analisados os óbitos ocorridos antes da alta hospitalar, independentemente da idade. Para a análise dos dados, utilizou-se o programa Epi Info 6.01. RESULTADOS: O baixo peso se manteve próximo a 9% desde os anos 70, concentrando82% dos óbitos hospitalares em 1996. O peso insuficiente foi observado em 24% dos nascidos vivos. Em 1975, 13,3% dos nascidos com peso entre 1.000 g e 1.499 g sobreviveram e 73,8% dos nascidos com peso entre 1.500 g e 1.999 g. Em 1996, a sobrevida foi 69,1% e 87,7%, respectivamente. Houve grande diminuição do número de óbitos especialmente na faixa de 1.000 g a 1.499 g (de 867 para 309 por mil nascidos vivos, redução de 64,5% e de 1.500 g a 1.999 g (de 264 para 123 por mil nascidos vivos, redução de 53,4%. A mortalidade hospitalar entre aqueles de peso abaixo de 1.000 g permaneceu entre 78,9% e 100,0%, mesmo nos anos 90. Observou-se queda da mortalidade hospitalar de 17 para 11 por mil nascidos vivos. CONCLUSÕES: Não houve modificação na distribuição do peso ao nascer, a despeito deavanços apresentados por Campinas. Contudo, observou-se queda da mortalidade hospitalar. Outros estudos são necessários para compreender esse perfil.OBJECTIVE: To assess the trend of birth weight and hospital mortality rate of newborns, in a maternity hospital of Campinas, SP. METHODS: A total of 215,435 births of a maternity hospital in Campinas, S. Paulo State, Brazil, was studied between 1976 and 1996. Information was collected from registration files and annual reports of medical care. All the newborns from that period were included. The causes of death that occurred before the

  16. Fatores de risco associados ao excesso de peso entre adolescentes da Região Oeste Paulista Factores de riesgo asociados al exceso de peso entre adolescentes de la Región Oeste Paulista Risk factors associated with overweight among adolescents from Western São Paulo state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Aráujo Fernandes

    2009-12-01

    Full Text Available Analisar a associação entre excesso de peso e diferentes fatores de risco familiares em adolescentes da região oeste do estado de São Paulo. Estudo transversal com 1779 adolescentes de ambos os sexos, e idade compreendida entre 11 e 17 anos. Calculou-se o índice de massa corporal e os fatores de risco familiares foram analisados por meio de questionário. O excesso de peso foi associado com o sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudar em escola particular (RC=2,14 [1,56-2,94] e maior escolaridade materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate à obesidade devem ser instauradas em meio escolar e atingir toda a estrutura familiar, bem como levar em consideração particularidades decorrentes do sexo.Analizar la asociación entre exceso de peso y diferentes factores de riesgo familiares en adolescentes de la región oeste del estado de São Paulo. Estudio transversal con 1779 adolescentes de ambos sexos, y edad comprendida entre 11 y 17 años. Se calculó el índice de masa corporal; los factores de riesgo familiares fueron analizados por medio de cuestionario. El exceso de peso fue asociado con: sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97], estudiar en escuela particular (RC=2,14 [1,56-2,94], y mayor escolaridad materna (RC=0,52 [0,33-0,83]. Iniciativas de combate a la obesidad deben ser instauradas en el medio escolar y alcanzar a toda la estructura familiar, así como llevar en consideración particularidades provenientes del sexo.The objective of this study was to analyze the association between being overweight and family risk factors in adolescents from Western Sao Paulo state. This cross-sectional study involved 1779 adolescents of both genders and with ages ranging between 11 and 17 years. The participants' body mass index was calculated, and the family risk factors were analyzed through a questionnaire. Excessive weight was associated with the male gender (CR=1.55 [1.22-1.97], studying in a private school (CR=2.14 [1.56-2.94] and

  17. Índice gonadossomático e correlações entre dimensões e peso testiculares na codorna japonesa (Coturnix coturnix japonica aos 60 dias de idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.L. Lanna

    2013-08-01

    Full Text Available As dimensões e o peso testicular foram avaliados em 25 machos adultos de codornas japonesas (Coturnix coturnix japonica e correlacionados entre si, a fim de se buscar obter informações que possibilitem a criação de um parâmetro preditivo da capacidade de produção espermática. As aves foram abatidas e os testículos removidos para mensuração e pesagem. As dimensões e o peso entre os testículos esquerdo e direito foram comparados. Os parâmetros testiculares foram correlacionados entre si por meio da determinação do coeficiente de correlação linear. O índice gonadossomático também foi determinado, indicando alocação de 3,68% do peso corporal em testículos nos machos avaliados, resultado maior do que os descritos na literatura. Apesar da diferença de formato entre os testículos esquerdo e direito, o peso foi semelhante, sugerindo que não há diferença na capacidade de produção espermática entre eles. Diferença estatística entre os valores biométricos indica que o testículo esquerdo é mais curto e mais arredondado, enquanto o direito é mais longo e estreito. O peso corporal apresentou baixa correlação com o peso testicular, 0,14 e 0,12 para os testículos esquerdo e direito, respectivamente. Os parâmetros que melhor se correlacionaram com o peso testicular foram a largura e a espessura. Considerando-se a identificação de um parâmetro único para comparação entre machos, a espessura do testículo esquerdo apresentou coeficiente de correlação linear de 0,89 com o somatório do peso dos dois testículos. Com base nessa informação, métodos não invasivos, como a ultrassonografia, poderiam ser utilizados para estimar o potencial reprodutivo e auxiliar na comparação de machos de codornas japonesas em núcleos de seleção de aves elite, contribuindo para melhoramento genético da espécie.

  18. Relação entre o excesso de peso e a coordenação motora de jovens atletas de atletismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Verbena de Freitas

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre o índice de massa corporal (IMC e a coordenação motora de jovens atletas de atletismo. Foram avaliados 24 jovens do sexo masculino (12,5 ± 0,6 anos do Projeto Cria-UFJF. Os atletas foram classificados em dois grupos: eutróficos (IMC < 20,6; n = 20 e sobrepeso-obesidade (IMC ≥ 20,6; n = 4. A coordenação motora foi avaliada pelo teste KTK. Verificou-se correlação negativa e estatisticamente significativa entre o IMC e a coordenação motora (r = -0,69; p < 0,001. O grupo sobrepeso-obesidade apresentou menor desempenho no teste de coordenação motora comparado com o grupo eutrófico. Conclui-se que jovens atletas de atletismo com excesso de peso apresentam menor coordenação motora.

  19. Fatores associados à morbidade respiratória entre 12 e 36 meses de vida de crianças nascidas de muito baixo peso oriundas de uma UTI neonatal pública

    OpenAIRE

    Chalfun,Geórgia; Mello,Rosane Reis de; Dutra,Maria Virginia Peixoto; Andreozzi,Valeska Lima; Silva,Kátia Silveira da

    2009-01-01

    O objetivo do estudo foi estimar a morbidade respiratória entre 12 e 36 meses em crianças prematuras e identificar os fatores associados. A população compreendeu 84 crianças de uma coorte de prematuros de muito baixo peso. O desfecho foi a taxa de incidência de morbidade respiratória. A associação entre as variáveis independentes e morbidade respiratória foi verificada por modelo linear generalizado. Entre 12 e 24 meses, 56,3% das crianças apresentaram morbidade respiratória. Entre 24 e 36 me...

  20. Associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos Association between overweight and intake of beans among adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Araújo Silva

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos. MÉTODOS: O estudo constou de indivíduos adultos (>18 anos, moradores em Belém (PA, em 2005. A amostragem foi realizada por sorteio de residências com telefone fixo e de um morador adulto de cada casa sorteada. A variável desfecho foi excesso de peso, a variável explanatória consumo de feijão e as variáveis de controle foram idade, escolaridade e situação conjugal, além de atividade física no lazer e hábitos alimentares de risco. A análise dos dados foi feita pelo teste do qui-quadrado e por regressão logística. RESULTADOS: Foram avaliados 2 352 indivíduos (39,8% do sexo masculino. O excesso de peso atingiu mais os homens, 49,3%, do que as mulheres, 34,0% (pOBJECTIVE: The objective of this study was to assess the association between overweight and intake of beans in adults. METHODS: The study population was 2,352 adults (>18 years of age living in Belém (PA, Brazil, in 2005. Sampling was done by randomly selecting households with a telephone landline and then selecting an adult in the household. The dependent variable was overweight, the explanatory variable was intake of beans and the confounding variables were age, education level, marital status, leisure-time physical activity and risky food habits. The data were analyzed by the chi-square test and logistic regression. RESULTS: A total of 2,352 individuals were assessed where 39.8% were males. The prevalence of overweight was higher in men (49.3% than in women (34.0%, p<0.001. Overweight was directly associated with age in both genders and with education level in men. In women, overweight was inversely associated with education level. The food behavior variable that best associated with overweight was intake of beans. After adjustment for the other variables, the risk of overweight was approximately 1.4 times greater in men who ate beans less than five times per week, but the inverse was

  1. Estimativa do Peso Fetal: Comparação Entre um Método Clínico e a Ultra-Sonografia

    OpenAIRE

    Cury,Alexandre Faisal; Garcia,Sidney A. L.

    1998-01-01

    Objetivo: avaliar a validade da estimativa do peso fetal por método baseado na altura uterina - regra de Johnson. Métodos: foram estudadas 101 gestantes e seus recém-nascidos (RN), estimando-se o peso fetal pela utilização da regra de Johnson adaptada, que consiste em aplicação clínica de modelo matemático para cálculo do peso fetal baseado na altura uterina e na altura da apresentação fetal. O peso estimado foi obtido no dia do parto e foi comparado com o peso observado ao nascer, que consti...

  2. Meta-análise para estimativas de correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giannotti Juliana Di Giorgio

    2002-01-01

    Full Text Available O problema de combinar informações de estudos independentes atinge quase todos os campos da ciência, devido, principalmente, ao grande número de artigos científicos publicados nos últimos anos, assim sumarizar informações se tornou uma necessidade. Uma meta-análise foi conduzida com o objetivo de resumir as estimativas da correlação genética entre pesos ao nascer e desmama de bovinos de corte de origem zebuína. Foi usado um conjunto de estimativas obtidas em 39 artigos publicados no período de 1968 a 2000. Os dados foram analisados de acordo com modelos fixo e aleatório, este último sob a técnica da máxima verossimilhança restrita. O modelo fixo não foi apropriado em virtude da falta de homogeneidade das estimativas de correlação, sendo portanto recomendável o modelo aleatório. A análise de subgrupo, estratificado por década de publicação, também apresentou heterogeneidade. A meta-análise constitui técnica que deve ser implementada para esta e outras finalidades

  3. Qualidade de vida entre mulheres com excesso de peso e doenças crônicas não transmissíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Martins Horta

    Full Text Available O estudo objetivou identificar a qualidade de vida e os fatores a ela associados entre mulheres com excesso de peso e doenças crônicas não transmissíveis. Tratou-se de estudo transversal com uma amostra de conveniência formada por 50 usuárias adultas e idosas de uma academia da cidade de Belo Horizonte(MG, Brasil. Para a avaliação da qualidade de vida, utilizou-se instrumento WHOQOL-bref. Realizou-se análise descritiva e regressão linear uni e multivariada. "Relações sociais" foi o domínio que mais contribuiu para a qualidade de vida, seguido do domínio "físico". Associaram-se a pior qualidade de vida a presença autorreferida de gastrite/úlcera (ß=-11,890; p=0,011, uso de medicamentos (ß=-7,730, p=0,035, maior consumo per capita de açúcar (ß=-0,092; p=0,045, valores elevados de índice de massa corporal (ß=-1,218; p=0,048 e maior consumo de carboidratos (ß=-0,382; p=0,042. Concluiu-se que muitos são os fatores relacionados à qualidade de vida, que devem ser considerados nos programas de saúde.

  4. Correlação entre Índice de massa Corporal (IMC pré-natal e peso ao nascer – um estudo longitudinal - doi: 10.5020/18061230.2012.p356

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saurabh Rambiharilal Shrivastava

    2012-11-01

    Full Text Available Objetivos: Estudar a correlação entre Índice de Massa Corporal (IMC no período pré-natal e o peso de nascimento da criança, bem como, os determinantes sócio-demográficos de peso ao nascer. Métodos: Um estudo longitudinal de um ano de duração, de junho 2010 a maio de 2011, foi realizado em uma favela urbana de Mumbai, Índia. O método de amostragem universal foi aplicado, incluindo como sujeitos todas as mulheres grávidas que realizaram pré-natal com, no mínimo, duas visitas, incluindo pelo menos uma no terceiro trimestre, registradas no centro urbano de saúde, de junho a agosto de 2010. Mulheres com qualquer estado mórbido pré-existente ou com histórico de gestações com nascimento de gêmeos ou de criança com qualquer má-formação congênita, ou inda, com ocorrência de natimorto ou parto em casa, foram excluídas do estudo. Estas mulheres foram acompanhadas durante os próximos meses até o parto. O peso materno foi medido em cada visita e calculado o IMC, ou o IMC médio, no caso de mais de uma visita em qualquer trimestre. O peso ao nascer foi registrado a partir de dados do hospital ou maternidade. Resultados: A prevalência de Baixo Peso ao Nascer (BPN foi de 26,7%. Correlação entre o IMCmaterno do terceiro trimestre e o peso ao nascer foi moderadamente positiva. 60,8% da variabilidade no peso ao nascer podem ser preditos pelo IMC materno no terceiro trimestre. Conclusão: O IMC materno no terceiro trimestre pode ser usado como um preditor de peso ao nascimento neonatal. Informação, Educação e Aconselhamento (IEC sobre a utilização do pré-natal podem ajudar na redução da incidência de Baixo Peso ao Nascer (BPN.

  5. Estimativa do Peso Fetal: Comparação Entre um Método Clínico e a Ultra-Sonografia Estimation of Fetal Weight: Comparison Between a Clinical Method and Ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Faisal Cury

    1998-12-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a validade da estimativa do peso fetal por método baseado na altura uterina - regra de Johnson. Métodos: foram estudadas 101 gestantes e seus recém-nascidos (RN, estimando-se o peso fetal pela utilização da regra de Johnson adaptada, que consiste em aplicação clínica de modelo matemático para cálculo do peso fetal baseado na altura uterina e na altura da apresentação fetal. O peso estimado foi obtido no dia do parto e foi comparado com o peso observado ao nascer, que constituiu o controle da análise da validade do método empregado. Na mesma data foi realizada ultra-sonografia obstétrica (US detalhada, que inclui cálculo do peso fetal pela aplicação das tabelas de Sheppard, e este peso, estimado pela US, foi comparado ao peso observado ao nascer. Resultados: os resultados destas comparações mostraram que a estimativa clínica empregada nesta casuística tem valor semelhante à US para avaliação do peso ao nascer: a margem de acerto do método clínico com variações de 5%, 10% e 15% entre peso estimado e peso observado foi de 55,3%, 73% e 86,7% respectivamente, e, para o US, de 60,7%, 75,4% e 91,1%, respectivamente. Conclusões:quando comparados, estes valores não se mostraram diferentes do ponto de vista estatístico, permitindo concluir-se que a avaliação clínica mostra acurácia semelhante à da US para o cálculo do peso ao nascer.Purpose: to assess the validity of fetal weight estimation by a method based on uterine height -- Johnson's rule. Methods: one hundred and one pregnant women and their newborn children were studied. The fetal weight was estimated using an adaptation of Johnson's rule, which consists of the clinical application of a mathematical model to calculate the fetal weight based on the uterine height and the height of fetal presentation. The estimated weight was obtained on the day of delivery and was compared to the weight observed after birth. This, in turn, was the control of

  6. Volume de iogurte light e sensações subjetivas do apetite de homens eutróficos e com excesso de peso Volume of light yogurt and subjective appetite sensations in normal-weight and overweight men

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Neri Nobre

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar, independentemente de outras variáveis, o efeito do volume de iogurte light sobre os parâmetros de ingestão alimentar de homens saudáveis. MÉTODOS: Foi feita incorporação de ar ao iogurte por adição de um produto comercialmente disponível -Emustab® - (6g/300ml com posterior homogeneização em liqüidificador semi-industrial. Utilizaram-se três volumes de iogurte: 300, 450 e 600ml. Trabalhou-se com 20 participantes saudáveis, sendo 10 eutróficos, com índice de massa corporal entre 19 e 24,9kg/m² e 10 com excesso de peso, índice de massa corporal >25kg/m². Cada um deles recebeu um volume de iogurte em três diferentes dias, pela manhã, em jejum de 12 horas. Uma escala de analogia visual foi utilizada, num período de 4 horas e 30 minutos após ingestão de cada volume do iogurte, para avaliar sensações subjetivas de saciedade, fome e desejo por alimentos específicos. RESULTADOS: Os volumes do iogurte light afetaram a saciedade dos dois grupos estudados, sendo que o maior volume exerceu melhor essa ação (pOBJECTIVE: This study aimed to evaluate the effect of light yogurt volume on the food intake of healthy men regardless of other variables. METHODS: Air was added to the yogurt by mixing it with a commercially available product, Emustab®, (6g/300ml and homogenized in a semi-industrial blender. Three volumes of yogurt were used: 300, 450 and 600ml. Twenty healthy volunteers participated in the study, 10 with normal weight, Body Mass Index from 19 to 24.9kg/m² and 10 with excess weight, Body Mass Index >25kg/m². Each one of them was given a yogurt volume in three different days in the morning, after a 12 hour fast. After the intake of each yogurt volume, a visual analog scale was used to assess the subjective sensations of satiety, hunger and desire for specific foods. RESULTS: Light yogurt volumes affected the satiety of both studied groups and the greater volume was more effective (p<0.01. The highest

  7. Insatisfação com o peso e a massa corporal em estudantes do ensino fundamental e médio do sexo feminino no município do Rio de Janeiro Insatisfacción com el peso y masa corporal entre los estudiantes de la escuela primaria y secundaria del sexo femenino em la ciudad de Rio de Janeiro Dissatisfaction with mass and body weight among elementary and high school female students in the city of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Palma

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência de insatisfação corporal entre adolescentes do sexo feminino na cidade do Rio de Janeiro. Foram investigadas 2.149 estudantes do sexo feminino, entre 14 e 18 anos de idade. Foram aferidos os pesos, estaturas e índices de massa corporal (IMC informados e desejados. A insatisfação corporal foi considerada de dois modos: a através do desejo de modificar o IMC; e, b o desejo de alterar o peso corporal em valor superior a 10% do peso informado. Do total investigado, 93,58% expressaram o desejo de modificar o IMC. Foi possível observar, ainda, que 42,48% manifestaram insatisfação com o peso. É possível concluir, então, que as adolescentes investigadas manifestaram tendência à insatisfação com o peso corporal.El objetivo del presente estudio fue determinar la prevalencia de la insatisfacción corporal en adolescentes del sexo femenino en la ciudad de Río de Janeiro. Se investigaron 2.149 estudiantes con edades comprendidas entre 14 y 18 años. Se levantaron los pesos, las alturas y los índices de masa corporal (IMC informados y deseados. La insatisfacción con el cuerpo fue considerada de dos maneras: a por el deseo de cambiar el IMC y b el deseo de cambiar el peso (en kg con valores superiores a los 10% del peso informado. Del total, 93,58% expresó el deseo de cambiar su IMC. También observamos que 42,48% reportaron insatisfacción con el peso. Es posible concluir que las adolescentes encuestadas expresaron una tendencia de insatisfacción con su peso corporal.The aim of this study was to verify the prevalence of body dissatisfaction among adolescent girls in the city of Rio de Janeiro. 2,149 female students aged between 14 and 18 years were investigated. Informed and desired weights, heights and the body mass index (BMI were also investigated. The body dissatisfaction was addressed in two ways: a by the desire to change the BMI and b the desire to change the weight (in kg

  8. Relação entre peso ao nascer, sexo do recém-nascido e tipo de parto The relationship among infant birth weight and sex, and type of delivery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1981-06-01

    Full Text Available Foram estudadas duas maternidades que atendem a população de níveis sócio-econômicos heterogêneos para avaliar a influência do peso do recém-nascido no tipo de parto. Foram analisados 16.095 nascimento. Verificou-se aumento da incidência de cesareanas com o aumento do peso do recém-nascido, nas duas maternidades, mas na maternidade particular a incidência foi mais elevada em relação à maternidade assistencial. Chamou a atenção o fato da não associação entre o tipo de parto e o peso do recém-nascido nas mulheres que tiveram atendimento particular. A predominância do sexo feminino no grupo de peso de 2.500 g e menos foi estatisticamente significante e do mesmo modo a maior proporção do sexo masculino nos recém-nascidos com mais de 4.000 g.In order to assess the influence of birth weight on the type of birth two maternity hospitals whose patients were of different socio-economic levels were studied. 16,095 births were analysed. It was discovered that the incidence of cesarian sections increased with the increase in birth weight in both hospitals, but that in the private hospital the incidence was four times higher than in the hospital for the poor. No relation was found, in those women who received private treatment, between type of brith and birth weight. Among those babies who weighed 2500g or less at birth, there was found to be a significant predominance of girls and for those who weighed more than 4000g there was, equally, a larger proportion of boys.

  9. Relationship between maternal periodontal disease and birth of preterm low weight babies Associação entre doença periodontal materna e nascimento de bebês prematuros e de baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Tolêdo Alves

    2006-12-01

    através de prontuário médico, entrevista e exame clínico periodontal, realizado até 48 horas após o parto. O Registro Periodontal Simplificado (RPS foi utilizado para avaliar a condição periodontal. A associação entre doença periodontal e NPBP foi expressa em "odds ratio" (OR. Os resultados demonstraram uma freqüência maior de doença periodontal no grupo I (84,21% - 16/19 em comparação ao grupo II (37,5% - 15/40. Os dados demonstraram ainda uma associação significante entre a presença de doença periodontal e NPBP (OR = 8,9 - IC de 95%: 2,22-35,65 - p = 0,001. Concluiu-se que a doença periodontal materna atuou como fator associado para a prematuridade e o baixo peso ao nascimento nesta amostra.

  10. Relação entre a patogenicidade do Schistosoma mansoni em camundongos e a susceptibilidade do molusco vetor: III. Mortalidade, pesos corporal e das vísceras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zanotti-Magalhães Eliana Maria

    1995-01-01

    Full Text Available Estudou-se a relação entre o desenvolvimento da hepatomegalia, da esplenomegalia, peso corporal e taxa de mortalidade em camundongos experimentalmente infectados por Schistosoma mansoni com o grau de susceptibilidade de Biomphalaria glahrata e B. tenagophila nas quais se desenvolveram as cercárias infectantes respectivamente, das linhagens BH e SJ. Foram utilizados como hospedeiro definitivo camundongos Swiss, SPF e como hospedeiros intermediários populações de moluscos selecionados geneticamente para o caráter susceptibilidade. Foram observados menores pesos corporais e das visceras em camundongos infectados com cercárias provenientes de moluscos que apresentaram elevado grau de susceptibilidade. A maior susceptibilidade dos moluscos à infecção pelo S. mansoni correspondeu a uma menor sobrevivência dos camundongos infectados. Os resultados fazem crer que a maior adaptação do parasita ao hospedeiro intermediário, traduzidos pelas taxas mais elevadas de susceptibilidade, pode levar a um comportamento diferente deste parasita no hospedeiro definitivo.

  11. Velocidade de ganho de peso nos primeiros anos de vida e excesso de peso entre 5-11 anos de idade, Salvador, Bahia, Brasil Weight gain rate in early childhood and overweight in children 5-11 years old in Salvador, Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Maria Alvim de Matos

    2011-04-01

    Full Text Available Crianças com sobrepeso estão mais propensas a se tornarem adultos com sobrepeso ou obesos, sendo a prevenção mais eficaz a intervenção em fases precoces da vida. Analisou-se a associação entre ganho de peso nos primeiros anos de vida e sobrepeso/obesidade em 1.056 crianças menores de 11 anos de idade. Foram coletadas informações relacionadas ao estilo de vida, saneamento, condições socioeconômicas, peso ao nascer e aleitamento materno. O ganho de peso do nascimento até diferentes intervalos (até 12 meses, > 12 a 18, > 18 a 24, e > 24 a 60 meses foi considerado de forma contínua em escores-z. Foi considerado excesso de peso o índice de massa corporal (IMC maior ou igual a +1 escore-z, usando referências da Organização Mundial da Saúde (OMS de 2006 e 2007. Adotou-se a regressão linear e Poisson multivariada. A velocidade do ganho ponderal mostrou-se associada ao IMC, observando-se duas vezes mais sobrepeso/obesidade a cada incremento de uma unidade no desvio-padrão da velocidade do ganho ponderal para o intervalo de 24 e 60 meses (RR = 2,08; IC95%: 1,87-2,32. Encontrou-se associação entre o rápido ganho de peso em todos os intervalos de idade e a ocorrência de sobrepeso/obesidade anos mais tarde.Overweight children are more prone to become overweight or obese adults. The most effective prevention is intervention in early childhood. We analyzed the association between early weight gain and overweight/obesity in 1,056 children under 11 years of age. Data were collected on lifestyle, sanitation, socioeconomic status, birth weight, and breastfeeding. Weight gain from birth until different age brackets ( 12 to 18, > 18 to 24, and > 24 to 60 months was considered a continuous variable in z-scores. Overweight was defined as body mass index (BMI > +1 z-score, based on 2006 and 2007 World Health Organization (WHO guidelines. Poisson regression and linear regression were used in the multivariate statistical analysis. Weight gain

  12. Household food insecurity and excess weight/obesity among Brazilian women and children: a life-course approach Inseguridad alimentaria y exceso de peso/obesidad entre mujeres y niños brasileños: un enfoque para el transcurso de la vida Insegurança alimentar e excesso de peso/obesidade entre mulheres e crianças brasileiras: uma abordagem para o curso da vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael Maia Schlüssel

    2013-02-01

    Full Text Available Household food insecurity (HFI may increase obesity risk, but results are not consistent across the life course or between developed/underdeveloped settings. The objective of this paper is to review findings from previous analyses in Brazil among adult women, female adolescents, and children up to five. Data were derived from the 2006 Brazilian Demographic and Health Survey. Associations between HFI (measured with the Brazilian Food Insecurity Scale and excess weight/obesity were investigated through Poisson regression models. While severe HFI was associated with obesity risk among adult women (PR: 1.49; 95%CI: 1.17-1.90, moderate HFI was associated with excess weight among female adolescents (PR: 1.96; 95%CI: 1.18-3.27. There was no association between HFI and obesity among children (either boys or girls. The nutrition transition in Brazil may be shaping the differential deleterious effect of HFI on body fat accumulation across the life course; the association is already evident among female adolescents and adult women but still not among children.La inseguridad alimentaria (IA puede aumentar el riesgo de obesidad, pero los resultados no son consistentes en todas las fases del transcurso de la vida y entre países desarrollados/subdesarrollados. El objetivo de este artículo es revisar los resultados de los análisis anteriores con los datos brasileños de: mujeres adultas, adolescentes del sexo femenino y niños de hasta cinco años. Se utilizaron datos del Estudio Nacional de Demografía y Salud 2006. Asociaciones entre la IA, medida por la Escala Brasileña de Inseguridad Alimentaria y exceso de peso/obesidad se investigaron mediante modelos de regresión de Poisson. Una IA grave está asociada con obesidad entre mujeres adultas [RP: 1,49; IC95%: 1,17-1,90] y una IA moderada con exceso de peso entre adolescentes del sexo femenino [RP: 1,96; IC95%: 1,18-3,27]. No hubo asociación entre la IA y la obesidad en niños de ambos sexos. Es posible

  13. Avaliação do neurodesenvolvimento de prematuros de muito baixo peso ao nascer entre 18 e 24 meses de idade corrigida pelas escalas Bayley III

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Volpiano Fernandes

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de atraso e fatores associados aos escores de desenvolvimento em crianças nascidas prematuras. MÉTODOS: Estudo transversal para avaliar o desenvolvimento por escalas Bayley III, incluindo-se prematuros de muito baixo peso de 18 a 24 meses de idade corrigida, acompanhados no Ambulatório de Prematuros da instituição. Excluíram-se: malformação congênita, síndrome genética, infecção congênita sintomática ao nascimento, surdez e cegueira. As variáveis numéricas foram comparadas por teste t de Student ou Mann-Whitney, e as categóricas, por qui-quadrado ou teste exato de Fisher. Para análise dos fatores associados aos escores de desenvolvimento, utilizou-se a regressão linear, considerando-se significante p < 0,05. RESULTADOS: Das 58 crianças avaliadas, quatro (6,9% apresentaram alteração cognitiva; quatro (6,9%, motora; 17 (29,3%, de linguagem; 16 (27,6%, socioemocional; e 22 (37,9%, de comportamento adaptativo. À regressão linear múltipla, os fatores classe socioeconômica CDE (-13,27; IC95% -21,23 a -5,31 e dependência de oxigênio com 36 semanas de idade corrigida (-8,75; IC95% -17,10 a -0,39 diminuíram o escore cognitivo. A leucomalácia periventricular diminuiu o escore cognitivo (-15,21; IC95% -27,61 a -2,81, motor (-10,67; IC95% -19,74 a -1,59 e de comportamento adaptativo (-21,52; IC95% -35,60 a -7,44. O sexo feminino se associou ao maior escore motor (10,67; IC95% 2,77-12,97, de linguagem (15,74; IC95% 7,39-24,09 e socioemocional (10,27; IC95% 1,08-19,46. CONCLUSÕES: Prematuros de muito baixo peso apresentaram com maior frequência alterações na linguagem, comportamento adaptativo e socioemocional. As variáveis classe socioeconômica CDE, leucomalácia periventricular, displasia broncopulmonar e sexo masculino contribuíram para reduzir os escores de desenvolvimento.

  14. Estado nutricional materno y peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marianela de la C Prendes Labrada

    2001-02-01

    Full Text Available Se realizó un estudio analítico de cohorte en el Policlínico "Raúl Gómez" entre enero de 1996 y septiembre de 1997 con el objetivo de relacionar el estado nutricional materno con el peso al nacer. Concluyeron el estudio 305 gestantes en las que se determinó edad, hábito de fumar, peso, talla, valoración ponderal inicial, incremento transgestacional y peso al nacer. Se aplicó Chi cuadrado y se determinó el riesgo relativo. El peso adecuado, el incremento transgestacional de 8 kg o más y la talla > o = 150 cm se asociaron con el peso al nacer > o = 3 000 g. La talla menor de 150 cm, peso bajo III y IV y las fumadoras aportaron con mayor frecuencia recién nacidos con peso entre 2 500 y 2 999 g. El riesgo de bajo peso al nacer fue mayor entre las gestantes con peso bajo I-II-III-IV, con incremento transgestacional menor de 8 kg y en las fumadorasAn analytic cohort study was conducted in "Raúl Gómez" Polyclinic between January, 1996, and September, 1997, aimed at relating the maternal nutritional status with birth weight. Age, smoking habit, weight, height, initial ponderal assessment, transgestational weight gain and birth weight were determined among the 305 pregnant women that concluded the study. The adequate weight, the transgestational weight gain of 8 kg or more and the height > or = 150 cm were associated with a birth weight > or = 3000 g. Women with the lowest height of 150 cm, low weight III and IV and the smokers had more frequently newborn infants between 2 500 and 2 999 g. The low birth weight risk was higher among the expectants with low weight I-II-II-IV, with a transgestational weight gain under 8 kg and among smokers

  15. Alimentação saudável, escolaridade e excesso de peso entre mulheres de baixa renda Healthy eating, schooling and being overweight among low-income women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Machado Lins

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores associados à prevalência do excesso de peso e obesidade em uma população de mulheres adultas de baixa renda, moradoras de uma região metropolitana; e sua associação com variáveis socioeconômicas, demográficas, reprodutivas e comportamentais, destacando a alimentação saudável. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal de base populacional com uma amostra probabilística de 758 mulheres de 20 anos ou mais moradoras de Campos Elíseos - Duque de Caxias. Utilizou-se análise bivariada e regressão multivariada hierarquizada para identificar fatores associados ao excesso de peso e obesidade. RESULTADOS: Encontrou-se uma prevalência de obesidade de 23% e prevalências de 56,0%, quando somados o excesso de peso e a obesidade. Encontrou-se associação inversa entre anos de estudo, excesso de peso e obesidade. A maioria das mulheres referiu alimentação saudável (73,6%, que aumentou positivamente com a renda, escolaridade e idade. Não consumir semanalmente verduras esteve associado ao excesso de peso e não realizar alimentação saudável esteve associado à obesidade. CONCLUSÕES: Os resultados demonstraram que mesmo em uma população com renda baixa, um maior nível de escolaridade tem impacto na prevenção deste agravo e nas escolhas alimentares.The scope of this study was to analyze the factors associated with the prevalence of being overweight and obesity in a population of low-income adult women living in a metropolitan region and its association with socioeconomic, demographic, reproductive and lifestyle variables, highlighting the importance of healthy eating. A population-based, cross-sectional study was conducted with a random sample of 758 women aged 20 or older living in Campos Elíseos - Duque de Caxias - State of Rio de Janeiro. Bivariate and multivariate hierarchical regression was used to identify factors associated with overweight and obesity. A prevalence of 23% of obesity was found

  16. Associação entre medidas antropométricas, de composição corporal, bioquímicas e de consumo alimentar em indivíduos com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila de Oliveira Ramos

    2013-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a associação entre medidas antropométricas, de composição corporal, bioquímicas e de consumo alimentar em indivíduos com excesso de peso. Métodos: Estudo do tipo transversal, com amostra de conveniência composta por 31 indivíduos, com idade entre 19 e 59 anos. Foram realizadas avaliações antropométricas, bioquímicas e análise da composição da dieta. Após, foi calculado o índice de qualidade da dieta (IQD. Na análise estatística, o teste de Shapiro-Wilk verificou a distribuição das variáveis, Wilcoxon-Mann- Whitney-U as diferenças entre as variáveis e correlação de Spearman/Pearson rastreou a associação entre os valores. Foi adotado um p com 5% de probabilidade. Resultados: A análise da composição da dieta permitiu observar uma média de consumo acima das Dietary Reference Intakes para carboidrato (323,31±33,11g, proteína (80,15±29,84g, lipídeo (77,42±31,87g e sódio (2896,99±1119,05mg. Os valores para o IQD variaram entre 2 e 12 pontos, apresentando valor médio de 6,5±2,2. Foram encontradas correlações entre IQD e prega cutânea suprailíaca, colesterol total, e LDL-c (mg/dL, dentre outras. Conclusão: A amostra estudada apresentou um perfil de ingestão alimentar composto por alimentos ricos em carboidratos, lipídeos e sódio. A elevada média da pontuação do IQD (dieta pobre reflete a importância de medidas de intervenção visando à melhoria do padrão alimentar desses indivíduos.

  17. Mortalidad en recién nacidos de extremo bajo peso al nacer en la unidad de neonatología del Hospital Nacional Cayetano Heredia entre enero 2000 y diciembre 2004.: January 2000 to December 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Lohmann Gandini-Billinghurst

    2006-07-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar los factores demográficos y clínicos más frecuentes en recién nacidos con peso menor a 1 000g al nacimiento (extremo bajo peso fallecidos en la unidad de neonatología del Hospital Nacional Cayetano Heredia. Material y métodos: El estudio diseñado es una serie de casos. Se evaluaron las epicrisis y la base de datos NEOCOSUR de los pacientes con estas características, fallecidos durante la hospitalización, de enero 2000 a diciembre 2004. Resultados: Se encontraron 99 pacientes, con registros completos en 87 de ellos (88% de la muestra. La mortalidad en esta población fluctuó entre 70 y 85%, siendo las siguientes condiciones clínicas más frecuentes: control prenatal inadecuado, edad gestacional menor a 27 semanas, uso de corticoides prenatales, empleo de surfactante, enfermedad de membrana hialina-síndrome de distrés respiratorio y hemorragia intraventricular. Conclusiones: Los cuidados prenatales, el uso de corticoides prenatales y surfactante son factores modificables que tendrían impacto en la mortalidad. Síndrome de Distrés Respiratorio-membrana hialina, sepsis y hemorragia intraventricular, constituyen las entidades de morbilidad más frecuentes. El alcance de este estudio permite formular estas hipótesis. La evaluación de las mismas requiere estudios tipo observacionales y analíticos posteriores. (Rev Med Hered 2006;17:141-147.

  18. Avaliação da simetria e descarga de peso entre os membros inferiores de atletas de futebol da categoria de base

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Lucas Spagnuolo

    2013-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A avaliação instrumentada dos saltos verticais informa sobre as capacidades funcionais e variáveis neuromusculares, auxiliando no atendimento dos atletas. Essencial dar atenção maior para as categorias de base, pois contém fases importantes do desenvolvimento dos atletas que serão o futuro do esporte. Objetivo: Avaliar as características funcionais e neuromusculares de atletas de futebol da categoria de base, no desempenho em saltos verticais. METODOLOGIA: Foram avaliados atletas de futebol com idade entre 15 e 17 anos. Foram realizados em duas plataformas de força os seguintes saltos verticais: salto em agachamento, salto em contramovimento, salto pliométrico de 40 cm de altura. Para análise das variáveis das forças concêntrica, excêntrica, impacto e altura dos saltos utilizou-se a prova estatística de Shapiro-Wilk, descrição das variáveis em média e desvio padrão, considerando quando p 0,05. Sem diferença na força concêntrica entre as categorias e os tipos de saltos. Maior força de impacto no contramovimento. Maior força em membro inferior direito em todos os saltos e variáveis de força. CONCLUSÕES: Encontramos assimetria entre os membros inferiores, podendo correlacionar com um déficit de potência muscular, má desaceleração do movimento e erros biomecânicos. Fatores predisponentes a lesões musculoesqueléticas, os quais podem ser prevenidos. A avaliação instrumentada da força através desses testes pode subsidiar os profissionais do clube como uma ferramenta de trabalho, capaz de aprimorar o treinamento, preparação e reabilitação. Entretanto, são necessárias mais pesquisas, de forma que momentos distintos da idade e da temporada do atleta sejam avaliados.

  19. Comparação entre o desempenho motor de homens e mulheres em séries múltiplas de exercícios com pesos Comparacion entre el desempeño motor de hombres y mujeres en séries múltiples de ejercícios con pesos A comparison of motor performance between men and women in multiple series of weight exercises

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Péricles Salvador

    2005-10-01

    Full Text Available A magnitude das respostas neuromusculares, metabólicas e morfológicas de homens e mulheres parece ser bastante diferenciada até mesmo quando esses sujeitos são submetidos a protocolos de exercícios com pesos semelhantes. Todavia, as diferenças no desempenho motor entre homens e mulheres têm sido relatadas predominantemente em protocolos baseados em contrações isométricas e isocinéticas. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar o comportamento de homens e mulheres durante séries múltiplas de exercícios com pesos até a exaustão e, posteriormente, verificar possíveis diferenças de desempenho físico entre os sexos em exercícios com pesos com intensidades semelhantes. Para tanto, 83 indivíduos (50 homens e 33 mulheres, 48 horas após serem submetidos a testes de 1-RM nos exercícios supino em banco horizontal, agachamento e rosca direta de bíceps, executaram um protocolo composto por quatro séries a 80% de 1-RM até a exaustão, em cada um dos três exercícios, para avaliação da capacidade de resistência a fadiga nos diferentes grupos musculares. ANOVA e ANCOVA para medidas repetidas, seguidas pelo teste post hoc de Tukey, quando P La magnitud de las respuestas neuromusculares, metabólicas y morfológicas de hombres y mujeres parece estar bastante diferenciada hasta que los sujetos son sometidos a protocolos de ejercicios con pesos semejantes. Todavía, las diferencias del desempeño motor entre hombres y mujeres han sido relatadas predominantemente en protocolos basados en contracciones isométricas e isocinéticas. Así, el objetivo de este estudio fué analizar el comportamiento de hombres y mujeres durante series multiples de ejercicios con pesos hasta la extenuación y, posteriormente, verificar posibles diferencias de desempeño físico entre los sexos en ejericicos con pesos con intensidades semejantes. Para ello, 83 indivíduos (50 hombres y 33 mujeres, 48 horas después serían sometidos a tests 1-RM en los

  20. Correlação entre pressão arterial e peso em crianças e adolescentes de uma escola municipal do noroeste paulista Correlación entre presión arterial y peso en niños y adolescentes de una escuela municipal del Estado de São Paulo Correlation between blood pressure and weight in children and teenagers from a municipal school in the northwestern region of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Diana Umebayashi Zanoti

    2009-12-01

    Full Text Available Verificar a correlação entre alterações de peso e pressão arterial em escolares do ensino fundamental de uma escola municipal do noroeste paulista. Método: Estudo quantitativo, descritivo e correlacional. Após a coleta e categorização do peso e pressão arterial de 148 escolares, os dados foram digitados no Excel e analisados no programa estatístico Statistical Package for Social Science, versão 12, utilizando-se estatística descritiva e inferencial (tabela de contingência e teste de correlação de Pearson. Resultados: O sexo predominante foi masculino (63,5%, e a idade média 8,4 anos; 36,5% apresentaram índice de massa corpórea alterado (3,4% baixo, 10,1% sobrepeso e 23% obesidade; 4,7% apresentaram pressão arterial limítrofe, e 9,5%, hipertensão. O teste de correlação indicou correlação forte e positiva entre peso/índice de massa corpórea e pressão arterial. Conclusões: Os resultados contribuem para o diagnóstico precoce de alterações pressóricas na população estudada e sua prevenção nos indivíduos obesos e com sobrepeso.Evaluar la correlación entre los cambios de peso y la presión arterial en niños que cursan la enseñanza primaria de una escuela municipal en el noroeste del Estado de San Paulo. Método: Estudio cuantitativo, descriptivo y correlacional. Después de identificar y clasificar el peso y la presión arterial de 148 estudiantes, los datos fueron digitados para Excel y analizados en el programa estadístico Statistical Package for Social Science , versión 12, utilizandose estadística descriptiva e inferencial (tabla de contingencia y el coeficiente de correlación de Pearson. Resultados: El sexo predominante fue el masculino (63.5% y la edad promedio, 8.4 años; 36.5% presentaron un índice de masa corporal con alteraciones (3.4% bajo, 10.1% presentan sobrepeso y 23% presentan obesidad, 4.7% presentaron cifras limítrofe de hipertensión arterial y 9.5% presentaron hipertensión. el

  1. Relación entre el grado de madurez neuropsicológica infantil y el índice de talla y peso en niños de 3 a 7 años escolarizados de estratos socioeconómicos dos y tres de la ciudad de Barranquilla (Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Campo Ternera

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la relación entre el grado de madurez neuropsicológica infantil y el índice de talla y peso en niños de 3 a 7 años que acuden a instituciones de educación básica primaria de carácter oficial de estratos socioeconómicos dos y tres de la ciudad de Barranquilla, entre 2009 y 2010. Materiales y métodos: Estudio descriptivo observacional. Se aplicaron 189 pruebas de Cumanin para evaluar el desarrollo neuropsicológico y se midió peso y talla estandarizada. Se realizó análisis descriptivo de los datos y tabulación en Excel exportado a SPSS versión 18 en español. Resultados: Se detectó un 8% de bajo peso para la edad con un 82.4% de la población con peso adecuado para la edad en comparación con un 5.9% de talla baja y el 83% talla adecuada para la edad. La evaluación neuropsicológica reportó un porcentaje de déficit de 19.7%, en contraste con un 22.9% con desarrollo medio adecuado para la edad. Conclusiones: No se logró demostrar la asociación entre el peso y talla con el desarrollo neuropsicológico, relacionado esto con el bajo porcentaje de niños con alteraciones del peso y la talla que se encontró en nuestra población de estudio; aunque cabe notar la detección de una clara alteración en el ritmo a medida que va avanzando la edad, siendo importante complementar estudios sobre el desarrollo neuropsicológico en nuestra población.

  2. Comparação entre heparina de baixo peso molecular e heparina não fraccionada intravenosa no tratamento da embolia pulmonar — Uma meta-análise de estudos controlados randomizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Quinlan

    2004-11-01

    Full Text Available RESUMO: O tratamento da embolia pulmonar aguda (EPA com heparina de baixo peso molecular não é consensual. Muitos clínicos continuam a utilizar a heparina não fraccionada por considerarem que o EPA apresenta maior risco do que a trombose venosa profunda (TVP e por admitirem insuficientes as provas de eficácia e segurança relativas à heparina de baixo peso molecular.É indiscutível a maior facilidade de utilização das heparinas de baixo peso molecular. O propósito desta meta-análise é comparar a eficácia e segurança de uma dose fixa subcutânea de heparina de baixo peso molecular com uma dose variável intravenosa de heparina não fraccionada. Foram incluídos ensaios clínicos com casos de EPA sintomático ou de EPA assintomático com TVP sintomática. A variável principal foi a recorrência de tromboembolismo venoso sintomático (incluindo EPA e TVP no final do tratamento (entre 5 e 14 dias; as variáveis secundárias foram a recorrência de tromboembolismo aos 3 meses, a mortalidade e a hemorragia major ou minor. No estudo comparativo com a heparina não fraccionada foram utilizadas 6 diferentes heparinas de baixo peso molecular, e a análise total envolveu mais de 1900 doentes repartidos por 12 estudos. Os resultados mostraram: • Redução do número de casos de recorrência de tromboembolismo venoso sintomático com a heparina de baixo peso molecular comparativamente à heparina não fraccionada - 14/1023 vs 22/928. • Redução do número de casos de recorrência de tromboembolismo venoso ao final de 3 meses, nos doentes tratados com heparina de baixo peso molecular - 30/988 vs 39/895. • Mortalidade semelhante nos 2 grupos terapêuticos, quer no final do tratamento quer ao terceiro mês - 14/1023 vs 11/928 e 46/988 vs 55/895, respectivamente. • A hemorragia major foi mais frequente no grupo tratado com heparina n

  3. Associação entre déficit de peso e apinhamento na dentição decídua Relationship between childhood underweight and dental crowding in deciduous teething

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erika Bárbara Abreu Fonseca Thomaz

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a relação entre o déficit antropométrico infantil e apinhamento dentário na dentição decídua. MÉTODOS: Foram avaliadas 794 crianças de 3 a 5 anos de idade, de ambos os sexos, matriculadas em pré-escolas públicas da cidade de São Luís (MA. Realizou-se amostragem probabilística por conglomerado em único estágio. Desenvolveu-se estudo transversal com aplicação de questionário, exame de oclusão dentária e avaliação antropométrica na população do estudo. O apinhamento dentário, caracterizado pela deficiência de espaço para a erupção dos dentes na linha do rebordo alveolar, constituiu a variável dependente. Para as avaliações antropométricas, empregaram-se os indicadores peso/idade (P/I e altura/idade (A/I. Efetuou-se análise de regressão logística multivariada, bem como análise descritiva das variáveis do estudo. As associações foram estimadas por meio da razão de chances (odds ratio, OR e a inferência estatística foi baseada em intervalos de confiança (IC95%, considerando-se erro tipo I de 5% (alfa = 5%. RESULTADOS: A associação entre déficit antropométrico e apinhamento dentário mostrou-se estatisticamente significante apenas ao se considerar o indicador P/I e no estrato das crianças que não tinham o hábito de chupar chupeta, havendo 2,19 crianças com apinhamento e desnutridas para cada criança sem apinhamento e desnutrida (OR = 2,19; IC95% 1,18-4,04. CONCLUSÃO: Este estudo sugere que o déficit antropométrico esteja associado ao apinhamento na dentição decídua entre crianças que não usam chupeta. No entanto, outros estudos são necessários para investigar possíveis relações de causalidade entre desnutrição e apinhamento dentário.OBJECTIVE: To investigate the relationship between low anthropometric indices and dental crowding in deciduous teething. METHODS: We assessed 794 children from 3 to 5 years old, both boys and girls, enrolled in public preschools in

  4. con bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mora Antó

    2005-01-01

    Full Text Available Esta investigación dio cuenta de la relación entre el estilo de funcionamiento familiar, los patrones de crianza y las edades de desarrollo evolutivo en niños, nacidos con bajo peso. El estudio descriptivo correlacional se realizó con 41 niños y sus madres, aplicándose cuestionarios sobre funcionamiento familiar, prácticas de crianza y desarrollo infantil. Los resultados señalaron la existencia de un funcionamiento familiar caracterizado por una cohesión amalgamada y una adaptabilidad caótica, una disciplina complaciente, falta de control y de límites claros en la díada madre-hijo. Se trataba de familias monoparentales, donde la temprana edad de concepción, el madresolterismo y el apoyo de la familia extensa eran constantes. Las edades evolutivas registradas indicaron un desarrollo inferior a la edad cronológica, en la mayor parte de los casos; sin embargo, éstas tendieron a ser superiores al compararlas con la edades reales de los infantes. No se encontró una correlación estadísticamente significativa entre la edad de desarrollo y los diferentes factores del funcionamiento familiar para algunos de los rangos de edad considerados; sin embargo, no se lo descartó por completo, especialmente en lo referente al optimismo familiar

  5. Relação entre baixo peso ao nascer e a poluição do ar no Município de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Medeiros

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: A poluição do ar tem sido investigada como possível determinante do baixo peso ao nascer. O objetivo do estudo foi verificar o efeito da poluição do ar sobre o peso ao nascer. MÉTODOS: Foram analisados todos os partos de mães residentes no Município de São Paulo, nos anos de 1998 a 2000. Estimaram-se as prevalências de baixo peso ao nascer conforme características do recém-nascido, da mãe e do parto. Apenas os distritos mais centrais de São Paulo foram incluídos, totalizando uma amostra de 311.735 nascimentos. Para avaliação do efeito da poluição do ar foram excluídos os prematuros, gemelares e analisados somente os nascimentos das áreas mais centrais da cidade. Os elementos poluentes analisados foram ozônio (O3, dióxido de enxofre (SO2, dióxido de nitrogênio (NO2, partículas em suspensão (PM10 e monóxido de carbono (CO. O efeito da exposição materna à poluição do ar no peso ao nascer foi avaliado por meio de regressão linear e logística. RESULTADOS: Do total analisado, 4,6% dos recém-nascidos apresentaram menos de 2.500 g ao nascer. A exposição materna ao CO, PM10 e NO2 durante o primeiro trimestre de gestação mostrou associação estatisticamente significante com a diminuição no peso do recém-nascido. CONCLUSÕES: Os resultados reforçam que a exposição materna à poluição do ar no primeiro trimestre de gestação pode contribuir para o menor ganho de peso do feto.

  6. Intervenção nutricional educativa como ferramenta eficaz para mudança de hábitos alimentares e peso corporal entre praticantes de atividade física Educational nutritional intervention as an effective tool for changing eating habits and body weight among those who practice physical activities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pryscila Dryelle Sousa Teixeira

    2013-02-01

    Full Text Available O presente estudo avaliou a eficácia de dois métodos de intervenção nutricional educativa entre mulheres praticantes de atividade física regular visando à adoção de práticas alimentares saudáveis. A população foi constituída de 52 mulheres de 19 a 59 anos, frequentadoras do Programa Academia da Cidade (Aracaju, SE. O estudo teve delineamento de comparação de dois grupos de intervenção e foi do tipo pré-teste/pós-teste. As ações educativas foram baseadas em dois protocolos, uma com ação menos intensiva (Grupo P1 e outra mais intensiva (Grupo P2, num período de dois meses. As variáveis analisadas foram as de conhecimento nutricional, medidas antropométricas e mudanças nos hábitos alimentares. As modificações identificadas foram melhora nos hábitos alimentares e redução do peso e Índice de Massa Corpórea para o Grupo P2. As modificações citadas referiram-se, principalmente, ao aumento do consumo de frutas, verduras e legumes, redução de gordura das preparações, redução do volume do alimento ingerido por refeição e aumento do fracionamento da dieta. Em relação aos conhecimentos em nutrição apenas 2 das 12 perguntas apresentaram aumento significativo da nota. A intervenção nutricional mais intensiva mostrou-se eficaz para mudanças de hábitos alimentares com repercussão na perda de peso corporal.The scope of this study was to evaluate the effectiveness of two methods of educational nutritional intervention together with women who practice regular physical activities by fostering the adoption of healthy eating habits. The study population consisted of 52 women aged between 19 and 59 who frequented the Academia da Cidade Program in Aracaju in the State of Sergipe. The study was a randomized comparison of two intervention groups and was of the pre-test/post-test variety. The educational activities were based on two protocols - one less intensive (P1 Group and one more intensive (P2 Group - over a

  7. Por mil devaluados pesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annie Rodríguez Collázos

    2013-03-01

    Full Text Available El estudio de lo popular y lo urbano hasta ahora se ha centrado en el comportamiento y en algunas relaciones de los habitantes con su entorno. “Por mil devaluados pesos. Publicidad popular y urbana”, pretende explorar las formas de publicidad, dispersas en diferentes espacios populares y urbanos en Bogotá, identificando esquemas y formas características de sus propios códigos comunicativos; se centran en un objeto de estudio consistente en las estrategias publicitarias y los códigos comunicativos en los mensajes publicitarios populares en las subculturas de San Victorino, 7 de Agosto y Sanandresito de San José.

  8. and the Mexican Peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thomas M. Fullerton Jr.

    2005-01-01

    Full Text Available Menu prices from 13 international restaurant franchises that operate in both El Paso and Ciudad Juárez are utilized to examine the behavior over time of the peso/dollar exchange rate. Parametric and nonparametric tests indicate that the price ratio alone provides a biased estimator for the exchange rate. In addition to the multiproduct price ratio, the empirical analysis also incorporates interest rate parity and balance of payments variables. The combination of unique microeconomic sample data with national macroeconomic variables illustrates one manner in which border economies provide information regarding the interplay of financial markets between Mexico and the United States.

  9. O Efeito de diferentes intervalos de recuperação entre as séries de treinamento com pesos, na força muscular em mulheres idosas treinadas The effect of different recovery intervals between sets of strength training on muscular force in trained older women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Claudio Jambassi Filho

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a influência de dois diferentes intervalos de recuperação (IR entre séries de repetições de treinamento com pesos (TP, no desempenho da força muscular em mulheres idosas treinadas. Dez mulheres idosas (66,6 ± 5,8 anos, com experiência prévia em TP, realizaram o seguinte protocolo: a o teste de repetições máximas (10-12RM no exercício Rosca Scott para bíceps; b com a carga encontrada no teste de 10-12RM, outras duas sessões de teste (separadas por 48 horas, agora com três séries, foram realizadas até a fadiga muscular em cada série. Dois diferentes IR foram utilizados para diferenciar essas duas sessões, isto é, numa sessão o IR era de 90 segundos (IR 90 entre as séries e na outra, de 180 segundos (IR 180. O teste t de Student para amostras dependentes mostrou que o volume total da sessão de teste com IR 180 foi estatisticamente superior (19%; P The aim of this study was to analyze the effects of two different recovery intervals (RI between repetition sets of strength training (ST on muscular strength performance in trained elderly women. Ten older women (age of 66.6 ± 5.8 with previous experience in ST, performed the following protocol: a test of maximum repetition (10-12 RM in the Scott biceps curl exercise; b two additional test sessions (48 hours apart from each other of three sets were performed until muscle fatigue in each set by applying the load found during the 10-12 RM test. Two different RI were used in these two sessions; that is, in one of the sessions the RI lasted 90 seconds (RI 90 between sets and 180 seconds in the other (RI 180. Student's t test for dependent samples showed that the total volume of the RI 180 test session was statistically superior (19%, P <0.05 compared to the RI 90 session (27.5 ± 3.4 e 23.1 ± 3.3 repetitions, respectively. The two-way 2x3 ANOVA for repeated measures in the last factor, including IR and number of repetitions for each set

  10. Excesso de peso em crianças: comparação entre o critério internacional e nacional de classificação do índice de massa corpórea Exceso de peso en niños: comparación entre los criterios internacional y nacional de clasificación del índice de masa corporal Excess of body weight among children: comparison between international and national criteria for body mass index classification

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Maria B. de Quadros

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o desempenho dos pontos de corte para o índice de massa corpórea recomendados por Cole et al e Conde e Monteiro para diagnosticar o excesso de peso em crianças. MÉTODOS: A amostra foi composta por 585 escolares com idades entre seis e nove anos, do município de Ponta Grossa, no estado do Paraná. Foram realizadas medidas de peso, estatura e da dobra cutânea subescapular, a qual foi considerada como padrão-ouro para a caracterização do excesso de adiposidade, utilizando como ponto de corte o percentil 85 da curva de referência do National Center for Health Statistics. Foram calculados a sensibilidade, a especificidade e os valores preditivos positivo e negativo dos critérios de classificação do índice de massa corpórea desenvolvidos por Cole et al e Conde e Monteiro. RESULTADOS: A prevalência do excesso de peso foi de 20,7 e 28,9%, de acordo com os critérios de Cole et al e de Conde e Monteiro, respectivamente. Independentemente da idade analisada, a sensibilidade do critério nacional foi superior ao internacional para o sexo masculino, com extensão de 53,3 a 100,0% versus 33,3 a 92,3%, e semelhante para o feminino, variando de 68,4 a 100,0% para ambos os critérios. Em contrapartida, os pontos de corte de Cole et al apresentaram especificidade superior aos de Conde e Monteiro em ambos os sexos, variando de 87,3 a 98,4% versus 74,6 a 93,5%. CONCLUSÕES: Tanto o critério internacional quanto o nacional apresentaram resultados satisfatórios para o diagnóstico do excesso de peso em crianças brasileiras. Entretanto, o critério de Conde e Monteiro mostrou-se mais sensível, acarretando menor número de falsos-negativos.OBJETIVO: Evaluar el desempeño de los puntos de corte para el Índice de Masa Corporal (IMC, recomendados por Cole et al y Conde y Monteiro para diagnosticar el exceso de peso en niños. MÉTODOS: La muestra fue compuesta por 585 escolares, con edades entre 6 a 9 años, del municipio de Ponta

  11. muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Cristina de Arruda

    2007-01-01

    Full Text Available El presente artículo es un estudio descriptivo de naturaleza cualitativa que utilizó los principios de la etnografía y del análisis de contenido para develar cómo ha sido para la familia en expansión, convivir con Interocurrencias durante la gestación y el parto del bebé nacido prematuro y con bajo peso. Los informantes del estudio han sido ocho madres de niños y que han pasado por hospitalización en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal del Hospital Universitario de Maringa, de 1998 a 2000. Los datos fueron recolectados en el periodo de diciembre del 2005 hasta junio del 2006, a través de entrevistas parcialmente elaboradas, grabadas y realizadas en el domicilio de las familias. Los resultados obtenidos han revelado que tanto los embarazos como sus complicaciones surgieron de manera inusitada, cambiando la estructura y la dinámica familiar. Las vivencias relatadas han permitido la identificación de tres categorías: el embarazo cambiando la vida de la mujer/familia; siendo sorprendidos por las complicaciones del embarazo; las complicaciones desencadenando el trabajo de parto prematuro.

  12. Relationship between very low birth weight, environmental factors, and motor and cognitive development of children of 5 and 6 years old Relação entre muito baixo peso ao nascimento, fatores ambientais e o desenvolvimento motor e o cognitivo de crianças aos 5 e 6 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele E. Oliveira

    2011-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To examine the relationships between birth weight, preterm birth, environmental factors and the motor and cognitive development of 5 to 6 year-old children. METHODS: A case control study in which the motor and cognitive performance, as well as the home environment of children aged 5-6 years, born pre-term and weighing OBJETIVO: Examinar as relações entre baixo peso ao nascimento, prematuridade, fatores ambientais e os desenvolvimentos motor e cognitivo de crianças aos 5 e 6 anos de idade. MÉTODOS: Estudo caso-controle no qual os desempenhos motor e cognitivo e o ambiente domiciliar de crianças com idade de 5-6 anos, nascidas pré-termo e com peso < 1.500 gramas, foram comparados com os de pares nascidos a termo e com peso adequado (PA. Foram utilizados os testes Movement Assessment Battery for Children (MABC, Developmental Coordination Disorder Questionnaire (DCDQ, as provas de vocabulário e de cubos do Weschsler Intelligence Test for Children-III (WISC, o Swanson, Nolan and Pelham IV Scale (SNAP IV e o Observation for Measurement of the Environment (HOME. RESULTADOS: 50,54% das crianças nascidas com muito baixo peso (MBP foram a óbito, e 15,2% deste grupo desenvolveram sequelas severas. Os escores para os grupos de MBP e de PA foram: HOME 33,83±7,81(MBP, 39,61±8,75(PA; MABC 8,17±7,10(MBP, 3,06±3,80(PA; DCDQ 54,0±11,3(MBP, 63,0±7,5(PA; WISC Cubos 8,35±2,15(MBP, 10,57±2,25(PA; WISC Vocabulário 9,61±2,62(MBP, 13,48±2,45(PA; SNAP IV 4,04±4,95(MBP, 1,57±3,27(PA. Foram encontradas diferenças significativas entre os grupos, com melhor desempenho em todos os testes no grupo de PA. Os resultados dos testes motores e cognitivos tiveram correlação com o peso ao nascer (p<0,01 e com o HOME (p<0,05. CONCLUSÕES: Os resultados reforçaram as evidências de que crianças nascidas prematuras e de MBP são mais propensas a apresentar dificuldades motoras e cognitivas que seus pares nascidos a termo e de PA. Fatores ambientais

  13. Variabilidade do risco do tempo de permanência ajustado para lactentes de muito baixo peso ao nascer entre centros da Neocosur South American Network Center variability in risk of adjusted length of stay for very low birth weight infants in the Neocosur South American Network

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Marshall

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Desenvolver um modelo de predição para o tempo de permanência hospitalar (TPH em lactentes de muito baixo peso ao nascer (MBPN e comparar esse resultado entre 20 centros de uma rede neonatal, visto que o TPH é utilizado como uma medida da qualidade da assistência em lactentes de MBPN. MÉTODOS: Utilizamos dados coletados prospectivamente de 7.599 lactentes com peso ao nascer entre 500 e 1.500 g no período entre os anos de 2001 a 2008. O modelo de regressão de Cox foi empregado para desenvolver dois modelos de predição: um modelo prévio com dados do nascimento e outro posterior, que acrescenta morbidades relevantes dos primeiros 30 dias de vida. RESULTADOS: A mediana do TPH estimado e ajustado a partir do nascimento foi de 59 dias; 28 dias depois do tempo de sobrevida de 30 dias. Houve uma alta correlação entre os modelos (r = 0,92. O TPH esperado e o TPH observado variaram bastante entre os centros, mesmo depois de correção para as morbidades relevantes após 30 dias. O TPH mediano (variação: 45-70 dias e a idade concepcional na alta hospitalar (variação: 36,4-39,9 semanas refletem uma variabilidade alta entre centros. CONCLUSÃO: Um modelo simples, com fatores apresentados no nascimento, pode predizer o TPH de um lactente de MBPN em uma rede neonatal. Observou-se uma variabilidade nos TPHs considerável entre unidades de terapia intensiva neonatal. Especulamos que os resultados sejam provenientes das diferenças entre as práticas dos centros.OBJECTIVES: To develop a prediction model for hospital length of stay (LOS in very low birth weight (VLBW infants and to compare this outcome among 20 centers within a neonatal network. METHODS: Data from 7,599 infants with birth weights of 500-1,500 g born between the years 2001-2008 were prospectively collected. The Cox regression model was employed to develop two prediction models: an early model based upon variables present at birth, and a late one that adds relevant

  14. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos Correlación entre la suplementación de proteínas e hidratos de carbono con las variables antropométricas y de fuerza en individuos sometidos a un programa de entrenamiento con pesos Correlation between the protein and carbohydrate supplement and anthropometric and strength variables in individuals submitted to a resistance training program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Veiga de Oliveira

    2006-02-01

    Full Text Available A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹, aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em dois grupos segundo a suplementação: com proteína (HP, perfazendo 4g.kg-1.d-1, e com carboidrato (NP, na quantidade calórica da suplementação protéica (225g.d¹. Os dois grupos foram submetidos ao treinamento com pesos para os músculos bíceps e tríceps, três vezes por semana durante oito semanas. Foram analisados a força, massa muscular, área de secção transversa muscular, cortisol e insulina. RESULTADOS: O grupo HP apresentou maior consumo de proteína e o grupo NP, de carboidrato. Os grupos também apresentaram diferença nos valores de cortisol. O grupo NP apresentou correlação positiva entre o maior aumento na ingestão de carboidrato (% e o aumento da área M, e também entre a força para o exercício tríceps francês (TFR2 e o aumento da massa muscular e a maior ingestão de carboidrato. CONCLUSÃO: Sugere-se que a correlação entre a ingestão de carboidrato e o aumento da área muscular e da força para o exercício tríceps francês pelo grupo NP esteja relacionada à situação metabólica favorável para síntese protéica.La gran mayoría de los individuos que se adhieren a los programas regulares de ejercicios con pesos tienen gran preocupación estética que se resume al aumento de la fuerza y masa muscular con empleo del entrenamiento asociado a la suplementación. El objetivo de este trabajo era verificar la ingestión de una dieta hiperprotéica (4g.kg-1.d-1, unido al entrenamiento que provoca un

  15. Índice de massa corporal, percepção do peso corporal e transtornos mentais comuns entre funcionários de uma universidade no Rio de Janeiro Body mass index, body weight perception and common mental disorders among university employees in Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Bento Veggi

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Foi testada a hipótese de que a autopercepção inadequada do peso corporal, com ou sem obesidade, estaria associada aos transtornos mentais comuns (TMC. MÉTODO: Foram analisados dados de um corte transversal de 4.030 funcionários de uma universidade no Rio de Janeiro, que participaram da Fase 1 (1999 de um estudo longitudinal (Estudo Pró-Saúde. Os participantes (de 22 a 59 anos preencheram um questionário, que incluiu a avaliação da presença de transtornos mentais comuns através do General Health Questionnaire (GHQ-12. O índice de massa corporal (IMC=kg/m² foi calculado com base em medidas de massa corporal e estatura, e os participantes classificaram seu peso corporal nas seguintes categorias: muito acima do ideal, um pouco acima do ideal, ideal, um pouco abaixo do ideal, muito abaixo do ideal. RESULTADOS: Entre as mulheres, 58,3% daquelas com índice de massa corporal menor que 25,0 kg/m² consideraram-se acima do peso ideal; entre os homens, esse percentual foi de 23,5%. Através da análise multivariada por regressão logística ajustada por idade, renda, atividade física recreativa, morbidade auto-referida e índice de massa corporal, observou-se uma forte associação entre a presença de transtornos mentais comuns e a percepção de peso muito acima do ideal entre as mulheres (OR=1,84, IC 95%=1,22-2,76. Entre as mulheres, o índice de massa corporal apresentou uma tendência de associação com a presença de transtornos mentais comuns (p da tendência=0,05 que não persistiu após o ajuste por renda e morbidade auto-referida. CONCLUSÃO: A percepção inadequada do peso corporal, independente do índice de massa corporal, esteve associada à presença dos transtornos mentais comuns nas mulheres, mas não nos homens. Uma possível explicação para essa associação está relacionada à maior pressão sociocultural disseminada entre as mulheres para se enquadrarem ao ideal de magreza vigente.OBJECTIVE: We tested

  16. Associação entre hipertensão arterial e excesso de peso em adultos, Belém, Pará, 2005 Association between hyertension and overweight in adults in Belém, state of Pará (Brazil, 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilma Paixão Borges

    2008-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial constitui um grave problema de saúde pública, atingindo 20% a 25% da população adulta mundial e 12% a 35% da população brasileira. OBJETIVO: Avaliar associação entre hipertensão arterial e excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal desenvolvido em 2005, com uma amostra probabilística da população >18 anos de Belém (PA, pelo SIMTEL (monitoramento de doenças crônicas por telefone. Considerou-se como variável desfecho: hipertensão; como variável explanatória: excesso de peso; como variáveis de confusão: idade, escolaridade e características de estilo de vida. As variáveis associadas com hipertensão arterial foram analisadas por regressão logística para cálculo de risco. RESULTADOS: A hipertensão arterial atingiu 16,2% dos homens e 18,3% das mulheres, e o excesso de peso, 49,3% e 34,0%, respectivamente. A prevalência de hipertensão arterial se associou diretamente com idade e com excesso de peso em ambos os sexos. Para os homens, se associou com consumo de frutas e hortaliças e baixo consumo de feijão; para as mulheres, com estado civil viúva ou separada e, inversamente, com escolaridade. O risco de hipertensão arterial aumentou com o peso em ambos os sexos (pBACKGROUND: Hypertension is a major public health issue affecting 20 to 25% of the global population of adults, and 12 to 35 % of Brazilians. OBJECTIVE: To evaluate the association between hypertension and overweight. METHODS: A cross-sectional study was conducted in 2005 with a probabilistic sampling of the population >18 years of age in Belém, capital of the state of Pará, in the Northern region of Brazil, using the telephone surveillance system for chronic diseases (SIMTEL. The dependent variable was hypertension, the explanatory variable was overweight and the confounding variables were age, level of education and lifestyle characteristics. The variables associated with hypertension were run through the regression

  17. La ponderación de los derechos en el estado de escasez. Entre la dimensión de peso jurídica y la eficiencia económica.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar A. Quiroga Natale

    2010-05-01

    Full Text Available El presente artículo tiene como propósito fundamental contribuir al debate académico que se ha generado en torno al control constitucional a la economía suscitado por la adopción de un ordenamiento económico “híbrido” (a partir de la Carta Política de 1991 que articula modelos distintos (y hasta excluyentes, bajo la concepción de una “economía social de mercado”. El referido presupuesto normativo ha creado una fuerte tensión entre juristas y economistas respecto de la concepción misma del modelo, razón por la cual la diferencia del lenguaje y los métodos de análisis distan entre sí y se producen, de manera reiterada, decisiones judiciales en materia económica caracterizadas por la ineficiencia (respecto de la asignación de recursos e inequitativas (respecto de su distribución.

  18. Relação entre índice ponderal ao nascer e excesso de peso corporal em jovens The correlation between birth weight index and excess weight in young individuals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Maria Bismarck-Nasr

    2007-09-01

    Full Text Available A identificação de fatores de risco modificáveis para obesidade mostra-se fundamental para sua prevenção, como o inadequado crescimento intra-uterino. O presente estudo verificou a relação entre nutrição ao nascer e sobrepeso em jovens. Avaliaram-se 287 indivíduos com média (desvio-padrão de 15,2 (1,4 anos. Para diagnóstico nutricional ao nascer, utilizou-se o índice ponderal e, para o atual, índice de massa corporal (IMC, circunferência da cintura e composição corporal. Verificou-se, para os meninos, associação positiva entre índice ponderal e sobrepeso (p = 0,05 e excesso de gordura abdominal (p = 0,04. Para as meninas, houve associação negativa entre índice ponderal e comprimento ao nascer (p = 0,00 e quantidade de massa muscular (p = 0,01. Meninas de menor índice ponderal apresentaram maior quantidade de gordura corporal total e abdominal, enquanto as de maior índice ponderal apresentaram valores inferiores de estatura final (p = 0,09. Pode-se sugerir que indivíduos pertencentes aos extremos de índice ponderal enquadram-se em categoria de risco para obesidade futura, relação que se mostrou mais evidente para o extremo superior, no sexo masculino, e inferior, no feminino.Identification of modifiable risk factors for obesity has proven crucial for its prevention, for example inadequate intrauterine growth. The current study verified the relationship between nutritional status at birth and overweight in youth. A total of 287 individuals were evaluated, with a mean age of 15.2 years (SD 1.4. Nutritional status at birth was based on the birth weight index, and current status was based on BMI, waist circumference, and body composition. In boys there was a positive association between weight index and overweight (p = 0.05 and excess abdominal fat (p = 0.04. For girls, there was a negative association between weight index and length at birth (p = 0.00 and amount of muscle mass (p = 0.01. Girls with lower weight index

  19. Alterações orais em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer: a importância da relação entre pediatras e odontopediatras Oral abnormalities in preterm and low birth weight infants: the importance of the relationship between pediatricians and pediatric dentists

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Baffi Diniz

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar uma revisão de literatura sobre as alterações orais em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer. FONTES DE DADOS: Foram selecionados artigos em inglês e português, desde 1976 até 2009, pesquisados no PubMed, Lilacs e na Bibliografia Brasileira de Odontologia (BBO, além de livros e consensos nacionais e internacionais. As palavras-chave utilizadas foram: "prematuro", "recém-nascido de baixo peso", "cárie dentária", "hipoplasia do esmalte dentário", "manifestações bucais e "dentição primária". Selecionaram-se artigos avaliando incidência, prevalência e etiologia das alterações orais, além de revisões de literatura e relatos de casos clínicos. SÍNTESE DOS DADOS: As alterações orais mais comuns em crianças prematuras e de baixo peso ao nascer são os defeitos no esmalte dentário (hipoplasias e hipocalcificações, a predisposição ao desenvolvimento de lesões de cárie dentária, as alterações na cronologia de erupção dentária e as alterações no palato com consequente aparecimento de maloclusão. Outras alterações também são relatadas, como diferenças nas dimensões das coroas dentárias e na espessura e porosidade do esmalte dentário. A interação entre pediatras e odontopediatras é fundamental no manejo dessas crianças. CONCLUSÕES: O conhecimento das alterações orais em crianças pré-termo e de baixo peso ao nascer por parte dos pediatras e odontopediatras favorece a atuação multidisciplinar com o objetivo de educar, prevenir e atenuar as possíveis mudanças físicas e dentárias nessas crianças.OBJECTIVE: To review the literature review concerning oral abnormalities in preterm and low birth-weight infants. DATA SOURCES: Articles published in English and Portuguese on this subject were selected from 1976 to 2009, browsed on PubMed, Lilacs and Brazilian Dentistry Bibliography, besides books and national and international consensus. The search used the following key

  20. Aspectos psicossociais em cirurgia bariátrica: a associação entre variáveis emocionais, trabalho, relacionamentos e peso corporal Psychosocial aspects in bariatric surgery: the association among emotional variables, job, relationships and body weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela A Nogueira de Almeida

    2011-09-01

    Full Text Available RACIONAL: Operações bariátricas têm sido consideradas alternativa para o tratamento de obesidade mórbida. Alguns eventos adversos que as pessoas experimentam após o tratamento frequentemente são consequência da falta de conhecimento consistente associada a fatores psicossociais que estão relacionadas ao status pré-operatório dos pacientes. OBJETIVO: Avaliar as variáveis ?psicossociais de 414 candidatos ? cirurgia bari?trica do Hospital de Cl?nicas da Faculdade de Medicina da Universidade de S?o Paulo, Ribeir?o Preto, SP, Brasil. psicossociais de 414 candidatos à cirurgia bariátrica do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, SP, Brasil. MÉTODOS: Foram utilizados entrevista semi-estruturada, Inventário de Depressão de Beck (BDI, Inventário de Ansiedade de Beck (BAI e Binge Eating Scale (BES. RESULTADOS: IMC foi maior entre os pacientes que não tinham emprego (p = 0,019, do sexo feminino, os que tinham um parceiro e os pacientes com IMC 50 kg / m² (p 50 kg / m² foram mais propensos a apresentar sintomas de ansiedade.BACKGROUND: Bariatric surgeries have been considered an alternative for treatment of morbid obesity. Some adverse events that people experience after the treatment frequently are the consequence of the lack of consistent knowledge associated with psychosocial factors that are related to the pre-surgery status of the patients. AIM: To evaluate psychosocial variables of 414 candidates for bariatric surgery from Clinical Hospital of Medical School at University of São Paulo, Ribeirão Preto, SP, Brazil. METHODS: Semi-structured interview, Beck Depression Inventory (BDI, Beck Anxiety Inventory (BAI and Binge Eating Scale (BES were used. RESULTS: BMI was higher among patients who had no employment (p = 0.019. Female, patients who had a partner and patients with a BMI 50 kg/m² (p 50 kg / m² were more likely to experience anxiety symptoms.

  1. Associação entre o padrão de atividade física materna, ganho ponderal gestacional e peso ao nascer em uma coorte de 118 gestantes no município de Campina Grande, Nordeste do Brasil Association between maternal physical activity, gestational weight gain and birth weight in a cohort of 118 pregnant women in Campina Grande, Northeast of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jousilene de Sales Tavares

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Esta pesquisa estudou o efeito da atividade física sobre o ganho ponderal e peso ao nascer em gestantes do Programa Saúde da Família no município de Campina Grande, (PB. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte abrangendo 118 gestantes, entre 2005 e 2006. A avaliação do estado nutricional inicial seguiu os critérios de Atalah e o ganho ponderal materno foi avaliado de acordo com o Institute of Medicine. Analisou-se o padrão de atividade física de acordo com o medidor de estimativa de gasto calórico total (METs e sua associação com o ganho ponderal e o peso ao nascer. RESULTADOS: o padrão de atividade física predominante na 16ª semana foi o leve, alcançando 85,6% das gestantes. Observou-se uma redução importante do nível de atividade física com a evolução da gestação, com 98,3% das gestantes sendo consideradas sedentárias na 24ª semana e 100% na 32ª semana. No momento da captação, cerca de 50% das gestantes eram eutróficas, 23% com baixo peso e as demais com sobrepeso/obesidade. No segundo e no terceiro trimestres, aproximadamente 45% das gestantes ganharam peso excessivo. A distribuição do peso ao nascer mostrou um predomínio do peso adequado (85,6%, e uma alta prevalência de macrossomia (8,5%. Dentre os desfechos avaliados, foi observada associação apenas entre os valores de METs da 24ª.semana e o ganho ponderal materno no segundo trimestre gestacional (p=0,045. CONCLUSÃO: Todas as gestantes estavam sedentárias no terceiro trimestre; observou-se uma associação entre o padrão de atividade física e o ganho ponderal materno no segundo trimestre, mas não houve associação deste padrão com o peso ao nascer.OBJECTIVE: This survey evaluated the effects of physical activity on gestational weight gain and birth weight of pregnant women attended by the Family Health Program in Campina Grande, Northeast of Brazil. METHODS: A cohort study enrolling 118 pregnant women was conducted between 2005 and

  2. Análisis del bajo peso en la atención primaria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Lugones Botell

    1995-08-01

    Full Text Available Se realiza un estudio retrospectivo de algunos aspectos relacionados con la atención prenatal de las gestantes y su análisis correspondiente, que tuvieron recién nacidos de bajo peso en el período comprendido entre 1988 y 1991, ambos inclusive. Se concluye que los principales factores relacionados con éste fueron: nuliparidad, madre trabajadora, poca ganancia de peso en el embarazo y entre las afecciones asociadas con la gestación encontramos la amenaza de aborto, la anemia y la enfermedad hipertensiva del embarazo, entre las más frecuentes.

  3. Heterosis para el peso y la ganancia de peso desde el nacimiento hasta los 18 meses en el cruce de bovinos aberdeen angus por cebú.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arango Ulloa Astrid Johanna

    2000-06-01

    Full Text Available En la presente investigación se tuvieron en cuenta 2032 observaciones para el análisis de peso al nacimiento, ganancia predestete y peso al destete y 603 para ganancia de peso posdestete y peso a los 18 meses, de machos y hembras nacidas entre 1994 y 1996 en la "Hacienda Cuba", localizada en el municipio de Montelíbano, departamento de Córboba. Para determinar la influencia de los diferentes factores genéticos y no genéticos sobre las variables estudiadas, se utilizó el programa de mínimos cuadrados de Harvey (1988. En los modelos para el peso al nacimiento, ganancia diaria predestete, peso al destete, ganancia diaria posdestete y peso a los 18 meses fueron considerados los siguientes factores: año de nacimiento, época de nacimiento, grupo genético de la cría, (Aberdeen Angus x Cebú y Cebú Comercial,sexo de la cría, mes de destete, época de destete, año de destete, mes de pesaje a los 18 meses. Según el modelo estudiado se tuvieron en cuenta como variables al destete, el peso al nacimiento y el peso ajustado al destete. La mayor parte de los factores no genéticos tuvieron efecto significativo (P<0,05, no siendo significativa la época de destete para el modelo de peso a los 18 meses.

  4. Factores asociados al bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Georgina J Peraza Roque

    2001-10-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN ha constituido un enigma en la ciencia a través de los tiempos. Múltiples son las investigaciones realizadas acerca de las causas que lo producen y las consecuencias que provoca. Su importancia no solo radica en lo que significa en la morbilidad y la mortalidad infantil, sino que estos niños tienen habitualmente múltiples problemas posteriores. El Programa para la Reducción del BPN señala que los niños nacidos con un peso inferior a los 2 500 g presentan riesgo de mortalidad 14 veces mayor durante el primer año de vida, en comparación con los niños que nacen con un peso normal a término. Dentro de los factores de riesgo del BPN se han encontrado con mayor frecuencia en estudios realizados por diferentes autores, los siguientes: el embarazo en la adolescencia, la desnutrición en la madre, el hábito de fumar, la hipertensión arterial durante el embarazo, la sepsis cervicovaginal, la anemia y los embarazos gemelares, entre otros. Es innegable la influencia que el BPN tiene sobre las futuras generaciones, por lo que debe constituir la diana de los esfuerzos que el médico y la enfermera deben desarrollar en su prevención, sobre todo en la comunidadLow birth weight has been an enigma for Science through times. A lot of research works have been carried out about its causes and consequences. The importance of LBW not only lies in its meaning for infant mortality and morbidity but also in the many problems that low birth weight children regularly face in the future. The program for the reduction of LBW points out that newborns weighing under 2500g have during his/her first year of life a mortality risk 14 times higher than newborns with a normal weight at term. Among the low birth weight risk factors, a number of studies by various authors have frequently found the following; pregnancy at adolescence; undernourishment in mothers, smoking, blood hypertension during pregnancy, cervix-vaginal sepsis; anemia, twin

  5. Psicologia e nutrição: predizendo a intenção comportamental de aderir a dietas de redução de peso entre obesos de baixa renda Psychology and nutrition: predicting behavioral intention to follow weight reduction diets among low-income obese patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Rodrigues Cavalcanti

    2005-04-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado entre 189 obesos de baixa renda atendidos por nutricionistas na rede pública de saúde de João Pessoa, Paraíba. Levantou as crenças positivas e negativas e os referentes mais expressivos sobre estes pacientes quanto ao comportamento de seguir uma dieta médica para redução de peso. Um instrumento de medida da intenção comportamental de efetivamente seguir tais dietas foi construído, o que permitiu verificar a ênfase do aspecto normativo geral e atitudinal nos obesos com renda de até um salário-mínimo sobre sua intenção comportamental. Isto pode indicar dois pontos eficazes a serem explorados em comunicações dirigidas a esta classe social em campanhas de saúde para redução de peso. Esta medição torna-se útil para ações preventivas de saúde; a obesidade é considerada uma epidemia mundial carente de controle imediato, aumentando em incidência principalmente nas classes mais baixas dos países em desenvolvimento.The present study was accomplished with 189 low income obese attended by public health nutritionists of João Pessoa, Paraíba. We found out positive and negative beliefs plus the most expressive referees on these patients about the behavior of following a medical diet to reduce weight. This permitted to build a behavioral intention measurement instrument to check those who might really follow these diets. It was verified the emphasis on general normative and attitudinal aspects over obese who had up to one minimum-wage income. This may indicate two efficacious points to be explored on targeted communications to this social class during weight loss public health campaigns. This measurement can be turned into preventive health actions; obesity is considered worldwide as epidemics, in need of immediate control, growing in incidence mainly among lower ranks of the population of developing countries.

  6. Obesidad, cambio de peso y desarrollo de enfermedad por reflujo gastroesofágico

    OpenAIRE

    Barceló López, Marta

    2012-01-01

    El marcado incremento de la prevalencia de la enfermedad por reflujo gastroesofágico (ERGE), y obesidad en los últimos 40 años en países industrializados ha sugerido la existencia de una correlación entre estos dos trastornos. La hipótesis de este trabajo es que el desarrollo de ERGE es más probable cuando existe un incremento de peso corporal, y que la asociación entre obesidad y ERGE es probablemente sólo consecuencia de esta ganancia de peso, que es lo que conduce a ambas condiciones. Los ...

  7. Exceso de peso y discapacidad en las personas mayores de la Argentina

    OpenAIRE

    Malena Monteverde

    2015-01-01

    El objetivo del presente trabajo es analizar la relación entre el exceso de peso y la condición de discapacidad en las personas mayores de la Argentina y evaluar en qué medida podría estar operando algún factor protector que reduzca o atenúe el efecto del exceso de peso sobre la pérdida de capacidades funcionales en las personas mayores de 64 años. Para ello se utilizan los microdatos de la Encuesta Nacional de Factores de Riesgo 2009. Con el objeto de medir la asociación entre sobrepeso, obe...

  8. Medida da freqüência respiratória e do volume corrente para prever a falha na extubação de recém-nascidos de muito baixo peso em ventilação mecânica Evaluation of respiratory rate and tidal volume to predict extubation failure in mechanically ventilated very low birth weight infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josy Davidson

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar se a freqüência respiratória (FR, o volume corrente (VC e a relação FR/VC poderiam prever a falha na extubação em recém-nascidos de muito baixo peso submetidos à ventilação mecânica. MÉTODOS: Estudo prospectivo, observacional, de recém-nascidos com idade gestacional OBJECTIVE: To verify if respiratory rate (RR, tidal volume (TV and respiratory rate and tidal volume ratio (RR/TV could predict extubation failure in very low birth weight infants submitted to mechanical ventilation. METHODS: This prospective observational study enrolled newborn infants with gestational age <37 weeks and birth weight <1,500g, mechanically ventilated from birth during 48 hours to 30 days and thought to be ready for extubation. As soon as the physicians decided for extubation, the neonates received endotracheal continuous positive airway pressure (CPAP for 10 minutes while spontaneous RR, TV and RR/TV were measured using a fixed-orifice pneumotachograph positioned between the endotracheal tube and the ventilator circuit. Thereafter, the neonates were extubated to nasal CPAP. Extubation failure was defined as the need for reintubation within 48 hours. RESULTS: Of the 35 studied infants, 20 (57% were successfully extubated and 15 (43% required reintubation. RR and RR/TV before extubation had a trend to be higher in unsuccessfully extubated infants. TV was similar in both groups. Sensitivity and specificity of these parameters as predictors of extubation failure were 50 and 67% respectively for RR, 40 and 67% for TV and 40 and 73% for RR/TV. CONCLUSIONS: RR, TV and RR/TV showed low sensitivity and specificity to predict extubation failure in mechanically ventilated very low birth weight infants.

  9. Consumo de cafeína entre gestantes e a prevalência do baixo peso ao nascer e da prematuridade: uma revisão sistemática Caffeine consumption during pregnancy and prevalence of low birth weight and prematurity: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Helena de Resende Nóra Pacheco

    2007-12-01

    Full Text Available Realizou-se revisão sistemática sobre o consumo de cafeína em gestantes na ocorrência de baixo peso ao nascer e prematuridade, enfocando métodos para quantificação deste consumo e confundimentos controlados na análise. A revisão consistiu na busca de artigos publicados de 1996 a 2006 nas bases MEDLINE, LILACS e PubMed, utilizando-se as palavras-chave: "caffeine", "coffee", "low birth weight", "birth weight", "preterm", "premature" e "prematurity". Dez artigos foram selecionados. Os métodos utilizados para quantificar o consumo de cafeína foram: questionário de freqüência alimentar semiquantitativo - da dieta ou apenas de produtos cafeinados, sendo um do tipo auto-aplicado; recordatório alimentar; perguntas sobre tipo e modo de preparo; análise de amostras; e dosagens urinária e plasmática. Em três estudos revisados, o consumo elevado de cafeína associou-se com baixo peso ao nascer e/ou prematuridade. Contradições nos achados devem-se a dificuldades na mensuração do consumo de cafeína; às fontes abordadas; a variações no preparo e na quantidade consumida; e ao tamanho amostral. Não foi demonstrada associação entre ingestão moderada de cafeína e crescimento fetal, sendo necessária uma avaliação mais precisa do consumo dessa substância.This article reports on a systematic review of studies on caffeine intake during pregnancy and prevalence of low birth weight and prematurity, focusing on methods to quantify intake and control for confounding. The review consisted of an article search from 1996 to 2006 in MEDLINE, LILACS, and PubMed, using the key words: "caffeine", "coffee", "low birth weight", "birth weight", "preterm", "premature", and "prematurity". Ten articles were selected. Methods used to quantify caffeine consumption were: semi-quantitative food frequency questionnaires for diet or only caffeinated products, including one self-applied questionnaire; food recall; questions on type and method of

  10. Exceso de peso y discapacidad en las personas mayores de la Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malena Monteverde

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente trabajo es analizar la relación entre el exceso de peso y la condición de discapacidad en las personas mayores de la Argentina y evaluar en qué medida podría estar operando algún factor protector que reduzca o atenúe el efecto del exceso de peso sobre la pérdida de capacidades funcionales en las personas mayores de 64 años. Para ello se utilizan los microdatos de la Encuesta Nacional de Factores de Riesgo 2009. Con el objeto de medir la asociación entre sobrepeso, obesidad y la condición de discapacidad, así como la interacción de la condición de peso y la edad, se estiman modelos de regresión logística. Los resultados indican que, si bien el sobrepeso y la obesidad tendrían un efecto neto positivo sobre la presencia de discapacidades, este sería menor entre las personas de 64 años y más. Los resultados sugieren que entre las personas mayores existe algún factor protector, que si bien no revierte la relación directa entre exceso de peso y discapacidad, parece atenuarla.

  11. COMPARAÇÃO ENTRE DOIS MÉTODOS DE AVALIAÇÃO DA VARIABILIDADE GENÉTICA EM VOLUME, DENSIDADE BÁSICA DA MADEIRA E MATÉRIA SECA DE Pinus tecunumanii (Schwd Eguiluz e Perry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Bakker Isaias

    2004-01-01

    Full Text Available O volume, a densidade básica e o peso da matéria seca da madeira de oitenta e quatro árvores, de sete famílias de polinização aberta, procedência de Mountain Pine Ridge (MPR, Belize, de Pinus tecunumanii (Schwd Eguiluz e Perry foram estimados aos 12 e 17 anos de idade em experimento instalado em Planaltina, Distrito Federal. Para todos os parâmetros avaliados, houve diferenças significativas entre famílias, exceto para densidade básica, medidas aos 17 anos de idade. Aos 12 anos de idade, foram testados dois métodos de avaliação para densidade básica da madeira; um com os três melhores indivíduos da parcela, e outro com todos indivíduos da parcela. As médias de densidade foram de 0,425 g/cm3 e 0,424 g/cm3, praticamente iguais para as duas amostragens. A correlação da densidade básica entre as idades foi positiva e significativa, mostrando um ganho de 0,031 g/cm3 em 5 anos. A herdabilidade da densidade básica calculada aos 12 anos de idade, em nível individual, para família e dentro de família, considerando-se a amostragem com três e seis indivíduos, foi de respectivamente 0,43, 0,81, 0,33 e 0,47, 0,63, 0,37. Como conclusão, as seleções para densidade básica devem ser feitas preferencialmente em idades quando a competição entre os indivíduos ainda não atingiu níveis elevados. Ganhos consideráveis podem ser obtidos na seleção de indivíduos ou famílias dentro da população de MPR, Belize, na região do Cerrado. Será necessário trabalhar com populações de maior base genética.

  12. Excesso de peso, atividade física e hábitos alimentares entre adolescentes de diferentes classes econômicas em Campina Grande (PB Overweight, physical activity and foods habits in adolescents from different economic levels, Campina Grande (PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Medeiros de Araújo Nunes

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a freqüência de sobrepeso e obesidade, hábitos alimentares e de estilo de vida, entre adolescentes de diferentes condições econômicas. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com 588 adolescentes, alunos de uma escola pública ou privada na cidade de Campina Grande/PB, pertencentes a classes econômicas diferentes, pelos critérios da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Foram calculados o índice de massa corpórea (IMC > p85 = excesso de peso e > p95 = obesidade, aplicado um questionário para avaliar atividade física de lazer, horas gastas assistindo a TV e hábitos alimentares. RESULTADOS: Foi observado um maior número de adolescentes com sobrepeso / obesidade nas classes econômicas A¹, A² e B¹ do que nas classes C, D e E; 93/292 (31,4% versus 53/296 (18,1%; pOBJECTIVE: To compare overweight and obesity, eating habits and life style among adolescents from different economic levels. METHODS: A cross-sectional study was undertaken with 588 adolescents from a public and a private school in Campina Grande, PB. They belonged to economic levels A¹, A² and B¹(292 and C, D and E (296, according to the Brazilian Criteria of Economic Classification of the Brazilian Association of Research Iistitutes. Height and body weight were measured and Body Mass Index (BMI was calculated; > p85 = overweight and > p95 = obesity. A questionnaire for assessment of leisure time, physical activity, time spent watching TV and eating habits was administered. RESULTS: Overweight and obesity were more common in the higher economic level than in the lower economic one; 31.4% versus 18.1% ; p < 0.001. Leisure time for physical activity was more present in adolescents with A¹, A² e B¹ economic status. Watching TVdisclosed no difference between the two economic levels surveyed. Daily consumption of softs drinks, sweets and salty snacks were more common in the higher economic level but this was not associated with obesity

  13. Selección masal por peso y coloración en tilapia roja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Alejandra Ruiz Peña

    2009-04-01

    Full Text Available Para evaluar la efectividad de la selección masal por color y peso se analizaron dos generaciones (G1 y G2 de alevinos de tilapia roja Oreochromis sp. De 40.000 larvas a la sexta semana se eliminaron los alevinos manchados y blancos y a las 14 semanas se separaron por sexos. Se midió el peso (g, la longitud total (cm, la altura (cm y el ancho (cm de 150 individuos a las 6, 14 y 24 semanas de edad. En la semana 24 se escogieron 150 machos y 450 hembras con las coloraciones deseables y mayor peso. La selección resultó efectiva para coloración en G2, puesto que la proporción de individuos rojos se incrementó en 15% con respecto a los testigos. Entre generaciones (G1 y G2 el efecto de la selección fue positivo, debido a que la proporción de rojos se incrementó de 64% a 84% y se redujo la de manchados de 31% a 13%. En ambas generaciones los machos fueron significativamente más pesados que las hembras. Se encontraron notables diferencias entre generaciones para peso y talla, puesto que los selectos superaron al control en 27% y 8% (G1 y en 22% y 11% (G2 para el peso y la talla, respectivamente.

  14. Dental caries in adolescents and its association with excess weight and sociodemographic factors in Londrina, Paraná, Brazil = Cárie dentária entre adolescentes e sua relação com o excesso de peso e fatores sociodemográficos em Londrina, PR, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tambelini, Carlos Alberto

    2010-01-01

    Conclusões: Os indicadores sociodemográficos exerceram importante influência na prevalência de cárie na população estudada, a qual não se associou às altas taxas de excesso de peso observadas

  15. Peso corporal y depresión en adultos mayores de comunidad urbano marginal en México - Tamaulipas.

    OpenAIRE

    Duran-Badillo, Tirso; Martínez Aguilar, Ma. de la Luz; Gutiérrez Sánchez, Gustavo; Rosa Ma., Rosa Ma.; Guevara-Valtie, Milton Carlos

    2016-01-01

    El peso corporal inadecuado y la depresión son factores que alteran la calidad de vida del adulto mayor. Objetivos: identificar asociación existente entre peso corporal y depresión en el adulto mayor. Material y Metodos: estudio descriptivo y correlacional, se realizó en una población urbano-marginal de Tamaulipas, México. Participaron 252 adultos mayores de 60 años y que tuvieran la capacidad física para mantenerse de pié al momento de medir el peso corporal y talla. El muestreo fue no proba...

  16. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos Correlación entre la suplementación de proteínas e hidratos de carbono con las variables antropométricas y de fuerza en individuos sometidos a un programa de entrenamiento con pesos Correlation between the protein and carbohydrate supplement and anthropometric and strength variables in individuals submitted to a resistance training program

    OpenAIRE

    Patrícia Veiga de Oliveira; Luciana Baptista; Fernando Moreira; Antônio Herbert Lancha Junior

    2006-01-01

    A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹), aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em...

  17. Nutritional status and weight gain in pregnant women Estado nutricional y aumento de peso en la mujer embarazada Estado nutricional e ganho de peso de gestantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Sayuri Sato

    2012-06-01

    Full Text Available This study described the nutritional status of 228 pregnant women and the influence of this on birth weight. This is a retrospective study, developed in a health center in the municipality of São Paulo, with data obtained from medical records. Linear regression analysis was carried out. An association was verified between the initial and final nutritional status (pEstado nutricional de 228 embarazadas y su influencia en el peso al nacer fue caracterizado. Estudio desarrollado en centro de salud de São Paulo con datos obtenidos de registros médicos. Análisis de regresión lineal fue realizado. Se verificó asociación entre estado nutricional inicial y final (pCaracterizou-se estado nutricional de 228 gestantes e sua influência no peso ao nascer. Trata-se de estudo retrospectivo desenvolvido num centro de saúde do município de São Paulo, com dados obtidos de prontuários. Realizou-se análise de regressão linear. Verificou-se associação entre estado nutricional inicial e final (p<0,001. A média de ganho total de peso diminuiu das gestantes que iniciaram a gravidez com baixo peso para aquelas que iniciaram com sobrepeso/obesidade (p=0,005, sendo insuficiente para 43,4 e 36,4% das gestantes com peso inicial adequado e para o total das gestantes estudadas, respectivamente. Entretanto, 37,1% daquelas que iniciaram a gravidez com sobrepeso/obesidade finalizaram com ganho excessivo, condição que, no final, afetou quase um quarto das gestantes. Anemia e baixo peso ao nascer foram pouco frequentes, porém, na análise de regressão linear, peso ao nascer associou-se com ganho de peso (p<0,05. Evidencia-se a importância do cuidado nutricional antes e durante a gravidez, para promoção da saúde materno-infantil.

  18. Estado nutricional pregestacional y ganancia de peso materno durante la gestación y su relación con el peso del recién nacido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flor de María Grados Valderrama

    2003-07-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar la relación existente entre la ganancia de peso materno durante la gestación con el peso del recién nacido para los diferentes estados nutricionales pregestacionales maternos según el IMC. Material y métodos: Se diseñó un estudio retrospectivo longitudinal descriptivo. Se seleccionaron 1016 mujeres cuyos partos fueron atendidos en el Hospital Nacional Cayetano Heredia entre Enero 1995 a Septiembre 2000 según los criterios de inclusión y exclusión. La población se estratificó en cuatro categorías de acuerdo al IMC pregestacional (Adelgazada: 29. Se realizó un análisis de regresión múltiple que incluyó IMC pregestacional, ganancia ponderal materna, edad materna, número controles prenatales y paridad como variables independientes y peso al nacer como dependiente. Luego, se realizó un análisis de regresión múltiple para cada grupo de IMC pregestacional. Resultados: Se encontró que el IMC pregestacional y la ganancia de peso durante la gestación influyen significantemente en el peso del recién nacido. Para las mujeres adelgazadas, IMC ideal y con sobrepeso; por cada Kg de ganancia ponderal materna durante la gestación el peso del recién nacido se incrementa en 42.15, 34.17 y 21.47 g respectivamente. En el grupo de obesas no se encuentra esta relación. Conclusión: Existe una relación lineal directa entre las variables IMC pregestacional y ganancia de peso materno durante el embarazo con el peso del recién ya sea en forma individual o asociada, para las mujeres adelgazadas, con IMC ideal y con sobrepeso. ( Rev Med Hered 2003; 14:128-133 .

  19. PESO DE HOJAS COMO HERRAMIENTA PARA ESTIMAR EL ÁREA FOLIAR EN SOYA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Rafael Garcés Fiallos

    2011-07-01

    Full Text Available Cuantificaciones del área foliar en plantas son importantes en estudios de daños ocasionados por enfermedades, por lo tanto su determinación requiere el uso de equipamientos que no siempre se encuentran disponibles para todos. La utilización de determinaciones indirectas, como el peso de materia fresca o seca podría ayudar en este proceso. En este trabajo, se evaluó la relación entre el peso de hojas y área foliar, a partir de plantas recolectadas en el estadío R7.1, en 64 parcelas de campo con el cultivar de soja Nidera 5909 RG. El peso fresco fue medido luego de la colecta, el peso seco después de 48 horas de incubación a 65° C y el área foliar a través de un integralizador digital Licor. Fueron obtenidas ecuaciones significativas (p < 0.0001 e R2 de 0.74 a 0.97 para cada estrato y para la planta entera. Para la media de la planta, la relación de área foliar fue de y = 45.53 x + 19.03 para peso fresco e y = 176.17 x – 75.30 para peso seco. Esta herramienta se presenta potencialmente viable para estimar el área foliar de la planta. La utilización del peso seco es mas trabajosa, más no requiere pesaje de las hojas inmediatamente después de su colecta. La utilización futura de esta herramienta requiere estudios adicionales con otros cultivares a fin de verificarse si el comportamiento es similar.

  20. Condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CERÓN-MIRELES PRUDENCIA

    1997-01-01

    Full Text Available Objetivo. Estudiar la asociación entre condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México. Material y métodos. Se encuestaron 2 623 trabajadoras que atendieron sus partos en tres grandes hospitales de la Ciudad de México en 1992. Se obtuvo información sobre los principales factores biológicos y sociales que se asocian al bajo peso al nacer; asimismo, se determinó el estrés ocupacional utilizando el instrumento desarrollado por Karasek. Se utilizaron modelos de regresión logística para evaluar la relación de las condiciones de trabajo con el bajo peso al nacer, controlando por variables confusoras. Resultados. El bajo peso al nacer fue más alto en trabajadoras con jornadas mayores a 50 horas semanales (RM= 1.6; IC= 1.17, 2.28 y con conflictos laborales (RM= 1.5; IC= 1.0, 2.25. La falta de apoyo social tangible fue identificado como un factor de riesgo de bajo peso al nacer (RM= 1.7; IC= 1.20, 2.33. Las medidas preventivas laborales como el cambio de tareas, disminución de la jornada y las salidas por enfermedad no mostraron un efecto benéfico en el peso al nacer, a excepción de la licencia de maternidad; las madres que no la tuvieron mostraron una probabilidad 2.2 veces mayor para bajo peso al nacer (IC= 1.66, 2.93. Conclusiones. Estos hallazgos resaltan la importancia de identificar los factores de riesgo ocupacional en el embarazo..

  1. Resistência à insulina em adolescentes com e sem excesso de peso de município da Grande Florianópolis-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabia Rosa Sigwalt

    Full Text Available O aumento na prevalência de excesso de peso está relacionado a mais casos de Diabetes Mellitus tipo 2 e resistência à insulina (RI entre jovens. Este estudo objetivou comparar a prevalência de RI entre adolescentes com peso corporal normal e com excesso de peso. A amostra foi composta por 96 indivíduos (35,4% rapazes, 50% excesso de peso com idade entre 14 e 19 anos (16,6±0,98. Os valores de IMC e perímetro de cintura (PC foram dicotomizados de acordo com a literatura. Para RI utilizou-se o índice HOMA-IR com o ponto de corte de 4,39. O teste Qui quadrado avaliou a diferença de prevalências entre categorias de peso ou de PC (p<0,05. Não houve diferenças significativas entre categorias e a prevalência de RI encontrada foi de 2,1%. No entanto, os adolescentes com excesso de peso tenderam a apresentar valores mais altos de HOMA-IR. Segundo critérios de glicemia, não foi encontrada RI na amostra.

  2. Resistência à insulina em adolescentes com e sem excesso de peso de município da Grande Florianópolis-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabia Rosa Sigwalt

    2014-01-01

    Full Text Available O aumento na prevalência de excesso de peso está relacionado a mais casos de Diabetes Mellitus tipo 2 e resistência à insulina (RI entre jovens. Este estudo objetivou comparar a prevalência de RI entre adolescentes com peso corporal normal e com excesso de peso. A amostra foi composta por 96 indivíduos (35,4% rapazes, 50% excesso de peso com idade entre 14 e 19 anos (16,6±0,98. Os valores de IMC e perímetro de cintura (PC foram dicotomizados de acordo com a literatura. Para RI utilizou-se o índice HOMA-IR com o ponto de corte de 4,39. O teste Qui quadrado avaliou a diferença de prevalências entre categorias de peso ou de PC (p<0,05. Não houve diferenças significativas entre categorias e a prevalência de RI encontrada foi de 2,1%. No entanto, os adolescentes com excesso de peso tenderam a apresentar valores mais altos de HOMA-IR. Segundo critérios de glicemia, não foi encontrada RI na amostra.

  3. Bajo Peso al Nacer. Factores de riesgo y calidad de la atención Prenatal. Buenaventura. 2008-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Enrique Gallardo-Ibarra

    2012-01-01

    Full Text Available Se realizó estudio descriptivo sobre Bajo Peso al Nacer, Área de Salud Buenaventura, bienio 2008-2009, sobre factores de riesgo y calidad de la atención médica recibida por las gestantes que aportaron recién nacidos bajo peso. Los datos estadísticos se obtuvieron mediante revisión de historias clínicas familiares, obstétricas y hospitalarias. Se emplearon métodos estadísticos histórico lógico, análisis y síntesis e inducción-deducción. Se obtuvo predominio del CIUR como variedad de Bajo Peso al Nacer, mostraron asociación con el bajo peso al nacer la valoración nutricional Bajo Peso materna al inicio de la gestación, insuficiente ganancia de peso, ingreso percápita bajo, malas condiciones de vivienda, antecedentes de dos o más abortos, multigestación, período intergenésico corto, HTA y sepsis cervicovaginal. La Atención Prenatal fue deficiente. No existió relación entre grupos de edades menores de 20 o mayor de 35 años y hábitos tóxicos con la aparición del bajo peso al nacer.

  4. Perfil do desenvolvimento motor em escolares com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara Moura Alves da Cruz

    2017-12-01

    Full Text Available Introdução: Diferenças relacionadas ao peso e as habilidades motoras em crianças em idade escolar ainda apresentam controversias. Objetivo: Analisar a relação entre desenvolvimento motor e nível de atividade física com o índice de massa corporal (IMC de escolares com excesso de peso. Métodos: Foram avaliados 85 escolares de ambos os sexos, de 6 a 10 anos, de Presidente Prudente, São Paulo, Brasil. Os instrumentos utilizados foram a classificação do IMC/idade, a Escala de Desenvolvimento Motor e o Questionário do Nível de Atividade Física Modificado e Adaptado. A amostra foi dividida em dois grupos: grupo com excesso de peso (GEP, com 50 escolares com diagnostico nutricional de sobrepeso e obesidade; e grupo com normopeso (GNP, com 35 escolares eutroficos. Para analise dos dados obtidos foram utilizados: Shapiro Wilk (normalidade, teste t de Student não pareado ou Mann Whitney (amostras independentes, teste de Spearman (correlação e teste do χ2 (proporção, com nível de significância p<0,05. Resultados: O GEP apresentou resultados inferiores significantes no desenvolvimento motor geral (91,32±10,68 versus 97,14±9,06; p=0,010, nas áreas de motricidade fina – QM1 (93,21±21,59 versus 103,1±13,12; p=0,0138 e motricidade global – QM2 (90,31±23,54 versus 112,6±16,07; p<0,0001. Observou-se correlação positiva significativa entre o nível de atividade física e o desenvolvimento motor no GEP, nas áreas de equilibrio – QM3 (0,35080; p=0,0125 e organização espacial – QM5 (0,41820; p=0,0025. Conclusão: O GEP, quando comparado com o GNP, demonstrou resultados inferiores no quociente motor geral (QMG, QM1 e QM2.

  5. Factores de riesgo de bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bortman

    1998-05-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN es el principal factor determinante conocido de la mortalidad infantil. Pese a la notable reducción de las tasas de mortalidad infantil y al aumento de las tasas de supervivencia de niños con BPN, en Neuquén, Argentina, no se han observado descensos notables de las tasas de BPN. El propósito de este estudio fue conocer los factores de riesgo de BPN, su frecuencia en la población y el papel de la atención prenatal en su prevención, y desarrollar una escala de riesgo que permita identificar a las mujeres en mayor riesgo de dar a luz un niño de bajo peso. Con tal propósito se realizó un estudio transversal en el cual se utilizó 50% de los datos del Sistema Informático Perinatal correspondientes al período 1988­1995 y procedentes de los 29 hospitales de la provincia de Neuquén (46 171 nacimientos. Se analizaron la distribución del peso y la frecuencia de los posibles factores de riesgo de BPN. La asociación entre estos factores y el BPN se analizó mediante un modelo de regresión logística. Con los resultados obtenidos se desarrolló una escala aditiva, que fue validada con el 50% restante de los registros de nacimientos. La razón de posibilidades (RP más elevada correspondió a la falta de atención prenatal (RP = 8,78; IC95%: 6,7 a 11,4. Las RP asociadas con una atención prenatal inadecuada, una primera consulta prenatal tardía, preeclampsia o eclampsia, hemorragia o anomalías de la placenta o sus membranas e historia de un hijo previo con BPN fueron mayores de 2,0. El riesgo de tener hijos con BPN también fue más alto en las mujeres mayores de 40 años, las menores de 20, las solteras, las fumadoras, aquellas cuyo intervalo intergenésico fue menor de 18 meses y las que tenían un índice de masa corporal menor de 20. Por último, se encontró una relación lineal directa entre el puntaje en la escala y el riesgo de tener un hijo con BPN.

  6. Peso medido, peso percebido e fatores associados em adolescentes Measured weight, self-perceived weight, and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cora L. Araújo

    2010-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a autopercepção corporal e o estado nutricional objetivamente medido por meio de peso, altura e pregas cutâneas em adolescentes e avaliar os fatores associados à discordância entre essas duas medidas. MÉTODOS: A amostra incluiu os membros da coorte de nascimentos de 1993 na Cidade de Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, que foram visitados em seus domicílios em 2004 e 2005. O desfecho em estudo resultou da comparação entre o estado nutricional e a percepção que os adolescentes tinham de seu peso corporal, sendo dividido em três categorias: subestimação, concordância e superestimação. As variáveis explanatórias foram sexo, cor da pele, índice de bens, sedentarismo, dieta inadequada, discriminação, regime para emagrecimento e sentimento de bem-estar e opinião do adolescente sobre como os pais percebiam o corpo desse adolescente. Para as análises estatísticas, empregou-se regressão logística multinomial. RESULTADOS: Foram entrevistados 4 452 indivíduos (87,5% da coorte original. A média de idade foi de 11 anos. De acordo com o estado nutricional, 7,1% foram classificados como magros, 69,8% como eutróficos, 11,6% com sobrepeso e 11,6% com obesidade. Com relação ao peso percebido, 19% dos jovens se achavam magros ou muito magros, 56% se sentiam normais quanto ao peso e 25% se consideravam gordos ou muito gordos. A concordância global entre a autopercepção corporal do adolescente e seu estado nutricional foi de 65% (kappa = 0,36. A subestimação foi de 24,9% entre meninos vs. 20,3% entre meninas. A superestimação foi de 15,8 % entre meninas vs. 8,5% entre meninos. CONCLUSÃO: Houve tendência de as meninas superestimarem o seu peso corporal e de os meninos subestimarem o mesmo. Detectou-se também forte associação entre a opinião que os adolescentes acreditam que os pais têm de si e a autopercepção de estado nutricional dos adolescentes.OBJECTIVE: To compare weight self

  7. X-ray photoelectron spectroscopy on 1-peso and 2-pesos of the Argentine Republic

    Science.gov (United States)

    Gard, Faramarz S.; Duffo, Gustavo; Bergamasco, Pablo; Forlerer, Elena

    2018-04-01

    Relative concentrations of nickel and copper at the surface of the ring and centre parts of 1-peso and 2-pesos Argentine coins have been studied by means of X-ray photoemission spectroscopy (XPS). It has been observed Ni-enrichment at the surface of the ring (silvery) part of a 1-peso, minted in 1994, whereas the XPS data reveals lack of nickel at the surface of the centre (silvery) part of a 2-pesos, minted in 2016. This discrepancy is explained by analyzing the XPS peaks of oxygen and carbon, and is suggested to be related to the contamination layer on the surface of the coins. The XPS analysis of the golden parts of the coins, namely the centre part of the 1-peso and the ring part of the 2-pesos coins were inconclusive, due to the small amount of the Ni (nominally %2) used in those parts. The possible oxidations states of the metals at the surface of the untreated and treated coins with the artificial human sweat were also identified.

  8. Algunas variables bioquímicas en adolescentes obesos con antecedente de bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del Carmen Valdés Alonso

    Full Text Available Introducción: la malnutrición intraútero ha sido postulada con vinculación a afecciones del desarrollo embrionario que determinan el desarrollo ulterior de obesidad, diabetes mellitus tipo 2, dislipidemias, disfunción mitocondrial y aterosclerosis. Objetivo: determinar las complicaciones metabólicas en adolescentes obesos con antecedentes de bajo peso al nacer. Métodos: estudio descriptivo y de corte transversal. Se incluyeron 50 pacientes obesos, con antecedentes de bajo peso al nacer y embarazo a término, de ambos sexos, en las edades comprendidas entre 9 y 17 años de edad, que asistieron a la consulta externa del servicio de Endocrinología del Hospital Pediátrico Docente "Juan Manuel Márquez", en el período comprendido de enero de 2011 a enero de 2012. Se realizaron determinaciones de colesterol, triglicéridos, aminotransferasas hepáticas, glucemia, e insulinemia en ayunas y posprandial de dos horas. Resultados: las variables bioquímicas estudiadas no mostraron diferencias entre los puntos de corte utilizados para clasificar el peso al nacer. La transaminasa glutámico pirúvica mostró valores más altos en los adolescentes entre 15 y 17 años de edad. Conclusiones: la hipertrigliceridemia fue más elevada en el sexo femenino, mientras que la hiperglucemia y la hiperinsulinemia lo fueron en el masculino.

  9. Validação da curva normal de peso fetal estimado pela ultra-sonografia para o diagnóstico do peso neonatal

    OpenAIRE

    Cecatti José Guilherme; Machado Maria Regina Marrocos; Krupa Fabiana da Graça; Figueiredo Priscila Garcia; Pires Helaine Maria Besteti

    2003-01-01

    OBJETIVO: avaliar a concordância entre o peso fetal estimado (PFE) por ultra-sonografia e o neonatal, o desempenho da curva normal de PFE por idade gestacional no diagnóstico de desvios do peso fetal/neonatal e fatores associados. MÉTODOS: participaram do estudo 186 grávidas atendidas de novembro de 1998 a janeiro de 2000, com avaliação ultra-sonográfica até 3 dias antes do parto, determinação do PFE e do índice de líquido amniótico e parto na instituição. O PFE foi calculado e classificado d...

  10. Housing conditions as a social determinant of low birthweight and preterm low birthweight Condiciones de vivienda como determinante social de bajo peso al nacer y de prematuro de bajo peso al nacer Condições de moradia como determinante social de baixo peso ao nascer e prematuro de baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Vianna Vettore

    2010-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the relationship between housing conditions and low birthweight and preterm low birthweight among low-income women. METHODS: A case-control study was conducted with post-partum women living in the city of Rio de Janeiro, Southeast Brazil, in 2003-2005. Two groups of cases, low birthweight (n=96 and preterm low birthweight infants (n=68, were compared against normal weight term controls (n=393. Housing conditions were categorized into three levels: adequate, inadequate, and highly inadequate. Covariates included sociodemographic and anthropometric characteristics, risk behaviors, violence, anxiety, satisfaction during pregnancy, obstetric history and prenatal care. RESULTS: Poor housing conditions was independently associated with low birthweight (inadequate - OR 2.3 [1.1;4.6]; highly inadequate - OR 7.6 [2.1;27.6] and preterm low birthweight (inadequate - OR 2.2 [1.1;4.3]; highly inadequate - OR 7.6 [2.4;23.9] and factors associated with outcomes were inadequate prenatal care and previous preterm birth. Low income and low maternal body mass index remained associated with low birthweight. CONCLUSIONS: Poor housing conditions were associated with low birthweight and preterm low birthweight.OBJETIVO: Evaluar la relación entre condiciones de vivienda y bajo peso al nacer y prematuridad asociada al bajo peso al nacer en los hijos de mujeres de baja renta. MÉTODOS: Se realizó estudio caso-control con mujeres en el postparto residentes en el municipio de Rio de Janeiro, Sureste de Brasil, en 2003-2005. Dos grupos de casos fueron comparados con controles a término y con peso normal (n=393: bajo peso al nacer (n=96 y prematuridad asociada al bajo peso al nacer (n=68. Las condiciones de vivienda fueron consideradas en los niveles: adecuadas, inadecuadas y muy inadecuadas. Las covariables investigadas fueron características sociodemográficas, antropométricas, hábitos de riesgo, violencia, ansiedad, satisfacción con el embarazo

  11. Factores nutricionales maternos y el bajo peso al nacer en un área de salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arley Rey Vilchez

    2013-01-01

    Full Text Available Fundamento: el bajo peso al nacer es multifactorial y se atribuye a causas maternas, fetales y ambientales. Los hábitos alimentarios inadecuados unidos a otros factores nutricionales maternos son determinantes. Objetivo: identificar los factores nutricionales maternos relacionados con el bajo peso al nacer en pacientes del Área I del municipio Cienfuegos. Métodos: se realizó un estudio analítico, retrospectivo, de casos y controles entre enero 2006 y diciembre 2008. Se estudiaron 50 madres de recién nacidos bajo peso (casos y 100 madres de niños normopesos (controles a razón de 2 por cada caso, seleccionadas del registro de nacimientos del área. Se revisaron las historias clínicas obstétricas y se entrevistó a cada paciente para evaluar sus hábitos alimentarios según frecuencia de comidas y grupos de alimentos consumidos. El procesamiento de la información se realizó utilizando el programa estadístico SPSS versión 15,0. Los resultados se presentaron en tablas con frecuencias absolutas, porcentajes y resultados de las técnicas estadísticas empleadas. Resultados: se comportaron como factores de riesgo: la edad materna, el estado nutricional al inicio del embarazo, la ganancia de peso durante la gestación y la hemoglobina del tercer trimestre. Las mujeres con hábitos alimentarios inestables e insuficientes tuvieron 33 veces más probabilidades de tener neonatos bajo peso y las que refirieron dietas no saludables según grupos de alimentos consumidos tuvieron 9 veces más riesgo. Conclusiones: los factores nutricionales maternos influyeron en la incidencia del bajo peso al nacer, fundamentalmente los hábitos alimentarios inadecuados.

  12. Selección masal por peso y coloración en tilapia roja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruíz Peña María Alejandra

    2009-06-01

    Full Text Available Para evaluar la efectividad de la selección masal por color y peso se analizaron dos generaciones (G1 y G2 de alevinos de tilapia roja Oreochromis sp. De 40.000 larvas a la sexta semana se eliminaron los alevinos manchados y blancos y a las 14 semanas se separaron por sexos. Se midió el peso (g, la longitud total (cm, la altura (cm y el ancho (cm de 150 individuos a las 6, 14 y 24 semanas de edad. En la semana 24 se escogieron 150 machos y 450 hembras con las coloraciones deseables y mayor peso. La selección resultó efectiva para coloración en G2, puesto que la proporción de individuos rojos se incrementó en 15% con respecto a los testigos. Entre generaciones (G1 y G2 el efecto de la selección fue positivo, debido a que la proporción de rojos se incrementó de 64% a 84% y se redujo la de manchados de 31% a 13%. En ambas generaciones los machos fueron significativamente más pesados que las hembras. Se encontraron notables diferencias entre generaciones para peso y talla, puesto que los selectos superaron al control en 27% y 8% (G1 y en 22% y 11% (G2 para el peso y la talla, respectivamente.

  13. Consumo de bocadillos y exceso de peso en niños colombianos

    OpenAIRE

    Herrán F, Oscar Fernando; DelCastillo M, Sara; Fonseca C, Zulma Yanira

    2015-01-01

    Cuatrocientos noventa y cinco niños entre 0 y 17 años aportaron información sobre su consumo dietario en 966 formatos de recordatorios de las últimas 24 horas. En todos se estableció su estado de nutrición con base en antropometría utilizando los patrones de crecimiento de la OMS. Se determinó el consumo de energía y macronutrientes en 27 categorías del consumo dietario de bocadillos con base en evidencia científica. El objetivo fue establecer la relación entre el exceso de peso, el consumo d...

  14. Correlação entre a suplementação de proteína e carboidrato e variáveis antropométricas e de força em indivíduos submetidos a um programa de treinamento com pesos

    OpenAIRE

    Oliveira, Patrícia Veiga de; Baptista, Luciana; Moreira, Fernando; Lancha Junior, Antônio Herbert

    2006-01-01

    A grande maioria dos indivíduos que aderem a programas regulares de exercícios com pesos têm grande preocupação estética que se resume ao aumento da força e massa musculares à custa do treinamento associado à suplementação. O objetivo deste trabalho foi verificar se a ingestão de uma dieta hiperprotéica (4g.kg¹.d¹), aliada ao treinamento, provoca maior aumento da massa muscular e força quando comparado com o padrão dietético normoprotéico. METODOLOGIA: Dezesseis voluntários foram divididos em...

  15. Análisis de la salud circadiana como factor predictivo de éxito en la pérdida de peso

    OpenAIRE

    Bandín Saura, María Cristina

    2015-01-01

    OBJETIVOS: Objetivo 1: Investigar la relación entre la pérdida de peso y la ritmicidad circadiana, utilizando la temperatura de la muñeca y mediciones de actimetría, en mujeres sometidas a un programa de pérdida de peso, con el fin de evaluar si la ritmicidad circadiana pudiera ser un marcador de la eficacia de los tratamientos de pérdida de peso. Objetivo 2: Investigar los efectos de los cambios en el horario de las comidas sobre el gasto de energía, la tolerancia a la glucosa y variables ci...

  16. Análisis de la salud circadiana como factor predictivo de éxito en la pérdida de peso

    OpenAIRE

    Bandín Saura, María Cristina

    2015-01-01

    OBJETIVOS: Objetivo 1: Investigar la relación entre la pérdida de peso y la ritmicidad circadiana, utilizando la temperatura de la muñeca y mediciones de actimetría, en mujeres sometidas a un programa de pérdida de peso, con el fin de evaluar si la ritmicidad circadiana pudiera ser un marcador de la eficacia de los tratamientos de pérdida de peso. Objetivo 2: Investigar los efectos de los cambios en el horario de las comidas sobre el gasto de energía, la tolerancia a la glucosa y variab...

  17. Estratificación del bajo peso al nacer desde un enfoque de determinantes sociales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda María Delgado Acosta

    2013-03-01

    Full Text Available Fundamento: el área materno-infantil requiere de un enfoque en sus determinantes para aumentar el alcance estratégico de sus programas. Objetivo: estratificar el bajo peso al nacer en el municipio de Cienfuegos y caracterizar el bajo peso de acuerdo a determinantes sociales seleccionadas. Métodos: se realizó un estudio epidemiológico, descriptivo, correlacional sobre la estratificación del bajo peso al nacer en los consejos populares del municipio Cienfuegos, en el período comprendido entre los años 2003 y 2007. Los estratos se definieron según el valor de la media del índice de bajo peso al nacer en este periodo. Para realizar el análisis de las variables cualitativas en muestras independientes se utilizó la prueba de independencia u homogeneidad utilizada en el caso de dos muestras con resultado dicotómico o más. El procesamiento estadístico se realizó en el programa SPSS versión 15,0 y se utilizaron como medidas matemáticas para las variables cualitativas el porcentaje, y para las variables cuantitativas la media aritmética. La técnica estadística para relacionar las variables fue la prueba Chi-cuadrado. Resultados: se mostraron diferencias estadísticamente significativas entre los estratos de bajo, mediano y alto riesgo, en el nivel de escolaridad, estado civil, ocupación, evaluación nutricional, hábito de fumar, antecedentes de bajo peso al nacer, período ínter genésico. La única enfermedad asociada que mostró diferencias entre ellos fue la hipertensión gestacional. Conclusiones: el bajo peso al nacer continúa siendo un serio problema de salud en el municipio Cienfuegos, cuestión esta que debe ser abordada desde sus determinantes para realizar intervenciones futuras y el logro de mejores resultados.

  18. Evolución del peso en pacientes durante el primer año del trasplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pilar López Garrigós

    Full Text Available Durante el primer año de trasplante renal es frecuente una ganancia de peso, debido, entre otros a la dieta, sedentarismo, e inmunosupresores, pudiendo aumentar los factores de riesgo del síndrome metabólico. Objetivos: Conocer la evolución del peso de nuestros pacientes durante el primer año del trasplante, y analizar la influencia con las distintas variables asociadas al paciente, sexo, edad, IMC, tratamiento inmunosupresor entre otras. Determinar la asociación entre la ganancia de peso y la aparición de factores de riesgo, como hipertensión arterial, diabetes y dislipidemia. Material y Método: Estudio retrospectivo y analítico. Se estudiaron 100 pacientes con un año de evolución en el trasplante, del Hospital Virgen de la Salud de Toledo. Sé analizaron datos antropométricos, demográficos y clínicos. La ganancia de peso se distribuyo según a las variables del estudio. Resultados: La ganancia de peso al año del trasplante afecto a 93 pacientes, con una media de 7,21 kg ±5,87. El 44,1% aumento su peso por encima de la media, y el 23,7% gano > 10 kg. La prevalencia de sobrepeso y obesidad antes del trasplante fue 57% y 76% después del trasplante. Los hombres ganaron ligeramente más peso que las mujeres. Los más jóvenes < 49 años ganaron más peso, media 9,3 kg. Mayor incidencia de diabetes, hipertensión y dislipemias en los pacientes con sobrepeso y obesidad. Conclusiones: La mayoría de los pacientes aumentaron significativamente de peso al año del trasplante, asociándose con varios de los factores del síndrome metabólico. - Importante la educación, por parte de la enfermería, del paciente para fomentar hábitos de vida saludable.

  19. Época de nascimento, genótipo e sexo de terneiros cruzas taurinos e zebuínos sobre o peso ao nascer, à desmama e eficiência individual de primíparas Hereford

    OpenAIRE

    Mendonça,Gilson de; Pimentel,Marcelo Alves; Cardellino,Ricardo Alberto; Osório,José Carlos da Silveira

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da época de nascimento, genótipo e sexo do terneiro sobre a eficiência individual das vacas à desmama (relação percentual entre o peso do terneiro à desmama e o peso da vaca), peso ao nascer e peso à desmama dos terneiros. Foram utilizadas 48 vacas da raça Hereford (Bos taurus), com idade de três anos, manejadas sobre campo natural, 16 inseminadas com um touro da raça Red Angus (Bos taurus) e 32 com Nelore (Bos indicus). Os fatores estudados fora...

  20. Relação entre as complicações hemorrágicas pós cirúrgicas e o volume das tonsilas palatinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brasileiro Hélio M. S.

    2004-01-01

    Full Text Available A remoção das tonsilas palatinas é uma das cirurgias mais freqüentes na infância e o sangramento pós-operatório uma complicação muito temida, especialmente nos pacientes de menor faixa etária devido ao maior risco de obstrução das vias aéreas. Vários fatores podem interferir na prevalência dessa complicação, como a presença de discrasias sangüíneas, técnica utilizada para hemostasia, cuidados pós-operatórios, drogas utilizadas, dentre outros. OBJETIVO: Com o objetivo de se investigar a correlação entre o método hemostático em pacientes submetidos ao procedimento cirúrgico e o volume da tonsila palatina. FORMA DE ESTUDO: Clínico retrospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Procedeu-se ao estudo retrospectivo dos prontuários de 204 pacientes operados entre janeiro de 2001 e outubro de 2003, em hospitais privados da região de Sorocaba - São Paulo, todos com hemograma e coagulograma completos dentro dos valores normais de referência. A técnica cirúrgica utilizada foi a de dissecção, e a hemostasia obtida através do tamponamento da loja com gaze embebida em solução de subgalato de bismuto a 100% e, quando necessário, complementada com sutura/ligadura dos pontos sangrantes. Os dados foram analisados através de estatística descritiva. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que o volume da tonsila palatina não influenciou o método hemostático estudado, que se mostrou eficaz.

  1. Fatores maternos associados ao peso fetal estimado pela ultra-sonografia Maternal factors associated with fetal weight estimated by ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Suely de Oliveira Melo

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito de variáveis maternas, socioeconômicas e obstétricas, assim como a presença de incisuras na 20ª e na 24ª semana, sobre o peso fetal estimado no final da gravidez (36ª semana em gestantes atendidas pelo Programa Saúde da Família em uma cidade do interior do Nordeste do Brasil. MÉTODOS: estudo longitudinal incluindo 137 gestantes. As gestantes foram acompanhadas a cada quatro semanas para aferição das condições clínicas, socioeconômicas e obstétricas, incluindo o peso materno. As artérias uterinas foram avaliadas pelo Doppler na 20ª e 24ª semana, o peso fetal e o índice de líquido amniótico (ILA foram determinados na 36ª semana. O estado nutricional materno inicial foi determinado pelo índice de massa corpórea (IMC, classificando-se as gestantes como com baixo peso, eutróficas, com sobrepeso e obesas. O ganho ponderal durante a gestação foi avaliado de acordo com o estado nutricional inicial, sendo ao final do segundo e terceiro trimestre classificado em ganho ponderal insuficiente, adequado e excessivo. Foi realizada análise de variância para avaliar a associação do peso fetal estimado na 36ª semana com as variáveis preditoras, ajustada por regressão linear múltipla. RESULTADOS: observou-se associação entre peso fetal estimado na 36ª semana e idade da mãe (p=0,02, trabalho materno (p=0,02, estado nutricional inicial (p=0,04, ganho ponderal no segundo trimestre (p=0,01, presença de incisuras nas artérias uterinas (p=0,02 e ILA (p=0,007. Os principais fatores associados ao peso fetal estimado na 36ª semana, após a análise de regressão múltipla, foram: IMC no início da gravidez, ganho ponderal no segundo trimestre, ILA e tabagismo. CONCLUSÕES: o peso fetal no presente estudo associou-se positivamente ao estado nutricional materno inicial, ao ganho ponderal no segundo trimestre, ao volume do líquido amniótico e negativamente ao hábito de tabagismo.PURPOSE: to evaluate the

  2. Comparação entre dois métodos para a determinação do volume de escoamento superficial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. F. Pruski

    2001-06-01

    Full Text Available A determinação do volume máximo de escoamento superficial é fundamental para o dimensionamento de diversos tipos de obras hidráulicas, constituindo o parâmetro de maior importância no projeto de sistemas de terraceamento em nível. A determinação incorreta do volume escoado superficialmente gera imprecisões no dimensionamento destes sistemas que, quando superdimensionados, apresentam elevado custo de instalação. Tendo em vista esses aspectos, o presente trabalho teve por objetivo comparar os valores de volume máximo de escoamento superficial, obtidos por meio do método empírico do número da curva, desenvolvido pelo Serviço de Conservação de Solos dos Estados Unidos, com aqueles obtidos por meio do método desenvolvido por Pruski e colaboradores, baseado em princípios consagrados na hidrologia. O desempenho dos dois métodos foi analisado com base nas condições pluviométricas correspondentes a Belo Horizonte e Uberlândia, para período de retorno de 10 anos. Evidenciaram-se grandes diferenças entre os valores de volume de escoamento superficial obtidos pelos dois métodos, as quais se mostraram mais acentuadas para maiores velocidades de infiltração de água no solo, tendo o método proposto por Pruski e colaboradores apresentado comportamento mais condizente com a realidade.

  3. Relación del peso máximo con la fuerza aplicada y la potencia producida en un test creciente, en el ejercicio de press de banca plano con barra libre, en levantadores

    OpenAIRE

    Naclerio Ayllón, Fernando; Jiménez Gutiérrez, Alfonso; Forte Fernández, Daniel; Benito Peinado, Pedro J.

    2006-01-01

    Se evaluaron 9 levantadores que realizaron 2 test, en el ejercicio de press de banca plano con barra libre. Un test progresivo con pesos ligeros a máximos (TPR), y el test de una máxima repetición (1 MRD). Se midió la fuerza (f), velocidad (v) y potencia (p) con cada peso movilizado, se determinó el máximo peso desplazado en una única repetición (1 MR). Se observaron correlaciones significativas entre el valor de la 1 MR obtenida en el test de 1 MRPr y el de 1 MRD, entre la potencia máxima (a...

  4. Percentiles de peso al nacer por edad gestacional en gemelos peruanos Birth weight percentiles for Peruvian twins, according to gestational age and sex

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Ticona Rendón

    2006-09-01

    Full Text Available gestacional y sexo, hemos realizado un estudio descriptivo, transversal y prospectivo que abarca los años entre 1992 y 2004. Fueron estudiados 282 gemelos vivos, sin factores de riesgo para retardo del crecimiento, procedentes de Tacná, Perú. Se calcularon promedios, desviación estándar y percentiles 10, 50 y 90 de peso por sexo y edad gestacional comprendida entre las 32 y 41 semanas. Se compararon los percentiles y los promedios entre uno y otro sexo y con estudios realizados en Noruega, Australia y Japón, considerando significativo cuando p < 0,05. El promedio de peso al nacer fue de 2 677 g ± 507 en el caso de los varones y de 2 615 g ± 461, en el caso de las niñas, sin diferencias significativas. La moda de la edad gestacional fue de 38 semanas y las diferencias en la mediana del peso al nacer según sexo fueron de 110 g. El pico de peso al nacer para los gemelos fue de 39 semanas y a partir de este los promedios declinaron. El promedio de peso al nacer de los gemelos varones fue más alto que el de las hembras y no se observaron diferencias significativas en ninguna edad gestacional. No se apreciaron diferencias entre los promedios de peso de gemelos peruanos y noruegos, de uno u otro sexo, sin embargo se registraron diferencias altamente significativas al compararlos con los de Australia y Japón, respecto a los cuales los promedios peruanos fueron mayores. Las curvas producidas como resultado del estudio proveen percentiles de peso al nacer para gemelos, según edad gestacional y sexo, que pueden ser utilizados por clínicos e investigadores peruanos.

  5. Contracción, hinchamiento y peso específico aparente de madera de eucalipto colorado (Eucalyptus tereticornis Smith

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Cardoso

    2013-12-01

    Full Text Available Con el objetivo de contribuir al conocimiento del comportamiento de la madera de Eucalyptus tereticornis en Uruguay, se estudió la contracción y el hinchamiento lineal y volumétrico para diferentes condiciones de humedad relativa, a una temperatura de 25 ºC. Se construyó una isoterma parcial dándole importancia a las condiciones de humedad de equilibrio en las que es posible encontrar productos realizados con esta madera en Uruguay, por ejemplo, pisos interiores o exteriores. De cinco árboles de una cortina de 50 años ubicada en el departamento de Durazno se seleccionaron discos a dos alturas. A partir de estas se prepararon probetas para las determinaciones de contracción e hinchamiento. Se encontró que el peso específico aparente básico fue de 0,630, al 12% de contenido de humedad fue de 0,859 y al 15 % de 0,872. La contracción radial, tangencial y volumétrica fue de 7,04%, 14,70% y 20,64%, respectivamente, y el hinchamiento radial fue de 7,61%, el tangencial de 17,61% y 26,62% el volumétrico. Sobre la isoterma se observó una diferencia esperable entre la curva de sorción y la de desorción en el rango de humedad relativa estudiado de 53% a 84%.

  6. Las grasas en la dieta materna, edad gestacional y peso al nacer

    OpenAIRE

    Rodríguez Enríquez, Yanik; Pita Rodríguez, Gisela; González, Isabel Martín; Ferret Martínez, Ana; Puentes Márquez, Ileana

    2004-01-01

    Las grasas en la dieta materna tienen funciones determinantes en el desarrollo de un embarazo normal, en la estructuración de un adecuado flujo útero-placentario, la formación de membranas celulares, el crecimiento intrauterino del feto y el desarrollo del sistema nervioso central. El objetivo de este trabajo fue medir la relación entre la composición de ácidos grasos en la dieta materna atendiendo a la edad gestacional y el peso al nacer de los recién nacidos. Se realizó un estudio transvers...

  7. Evaluacion de Mediciones Fisicas y de Ultrasonido para Estimaciones del Peso de la Pechuga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melo JE

    2001-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente trabajo fue evaluar la utilización de distintas mediciones como predictores del peso de la pechuga. En la experiencia 1 se utilizaron 32 pollos Anak y 32 pollos Ross, muestreados al azar de dos lotes de 400 animales de cada genotipo. A los 53 dias de edad se realizó la faena y una disección de cortes comerciales. Se tomaron los siguientes pesos: peso vivo (PV, de la canal (PC y de la pechuga (Pch. Se calculó para el análisis la proporción de cada uno sobre el peso vivo (%PC y %Pch. También se midieron el largo y el ancho de la pechuga con calibre. Se observaron diferencias entre genotipos para PV, PC, %PC, Pch y %Pch (p <0,05. Los animales de la línea Ross resultaron más pesados que los Anak, así coma su carcasa, pechuga y proporciones resultaron mayores. La Pch se correlacionó alta y positivamente con el PV. Ninguna de las mediciones con calibre in vivo significó un aumento de consideración en la precisión de la predicción de Pch. En la experiencia 2 se utilizaron 60 pollos INTA-Camperos, muestreados al azar de un lote de 100 animales. A los 69 días de edad se realizaron mediciones in vivo del largo y ancho de la pechuga con calibre, y de la profundidad por ultrasonido previo a la faena, midiéndose los mismos parámetros que en la anterior experiencia. La correlación entre PV y la Pch fue alta y positiva, pero media a baja con las mediciones con calibre. Se obtuvo una buena predicción de Pch (R²=0,75 a partir del peso vivo, del largo y de la profundidad de pechuga. La eliminación de la medición ecográfica no redujo el ajuste del modelo de manera significativa (R²=0,725.

  8. RESPOSTA AGUDA DO LACTATO SANGUÍNEO A DIFERENTES PROTOCOLOS DE TREINAMENTO COM PESOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira da Cruz Siqueira

    Full Text Available RESUMO Introdução: O treinamento em circuito é um modelo de treinamento resistido que permite uma variada combinação de sobrecarga e, por isso, requer mais informações para que se compreenda a demanda glicolítica anaeróbia durante sua execução. Objetivo: O objetivo foi comparar dois protocolos de treinamento com pesos, com (Tconv e sem (Tcirc pausa entre as execuções, quanto à resposta do lactato sanguíneo ([la]. Métodos: Onze homens (21,0 ± 2,3 anos; 76,7 ± 5,4 kg, 179,5 ± 7,0 cm foram submetidos ao teste de repetição máxima. O Tcirc e o Tconv foram prescritos a 60%1RM, 12 repetições, sendo três passagens com pausa de 300 s para Tcirc e três séries de cada exercício com 180 s de pausa para o Tconv. Os exercícios que compuseram ambos os protocolos de treinamento foram: supino reto, cadeira extensora unilateral, peck-deck, mesa flexora, pulley alto, leg press 45º, remada horizontal e panturrilha no hack. O teste de ANOVA (Bonferroni post hoc comparou o [la] no 1º, 3º e 5º minuto após as passagens no Tcirc e após cada série no Tconv. O teste t independente comparou as médias do pico de lactato entre Tcirc e Tconv. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Foram observadas diferenças para o [la] entre a 1ª (10,6 ± 1,0 mmol/l e a 2ª passagem (13,5 ± 1,8 mmol/l, P = 0,01 e entre a 1ª e a 3ª passagem (15,0 ± 2,5 mmol/l, P < 0,01 no Tcirc. Durante Tconv, os maiores valores médios de [la] foram observadas nos exercícios pulley alto (11,2 ± 2,2 mmol/l e leg press 45º (11,9 ± 2,6 mmol/l. Houve diferença (P < 0,01 ao comparar o pico de [la] após Tconv (12,8 ± 2,2 mmol/l e Tcirc (15,9 ± 2,0 mmol/l. Conclusão: O Tcirc demanda maior resposta glicolítica, enfatizando sua efetividade no aumento da capacidade anaeróbia muscular. Além disso, a execução não intermitente do Tcirc pode explicar sua maior demanda glicolítica, uma vez que Tconv e Tcirc foram proporcionalmente delineados

  9. Os efeitos de diferentes pesos de mochila no alinhamento postural de crianças em idade escolar.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian Gerdi Kittel Ries

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar o efeito imediato de diferentes pesos de mochila na postura corporal e avaliar a confiabilidade dessas medidas. Foram avaliados 50 escolares com idades entre oito e 14 anos. Os escolares foram fotografados no plano coronal anterior e sagital, com diferentes cargas relativas ao peso: sem mochila, com o peso habitualmente utilizado, com 10% do peso corporal (PC, 15 % do PC e 20% do PC. Para comparar os ângulos de assimetria da cabeça, de ombros, pélvica, do trocanter, dos joelhos, maleolar, corporal, sagital da cabeça, sagital dos ombros e sagital corporal foi utilizada a Análise de Variância para Medidas Repetidas e o Teste de Friedman. A confiabilidade foi analisada por meio do Coeficiente de Correlação Intraclasse (ICC. Foram observadas diferenças estatisticamente significativas no ângulo sagital cervical (p < .00, no ângulo sagital corporal (p < .00 e no ângulo sagital dos ombros (p < .01 com o aumento da carga. Também obteve-se alta confiabilidade inter-avaliador (ICC entre .83 a .99 para todos os ângulos avaliados nas diferentes posturas (p < .05. Este estudo não sustenta a recomendação de que o peso da mochila não deve exceder 10% do PC, já que cargas inferiores também ocasionaram anteriorização da cabeça e do corpo.

  10. Frequência de excesso de peso em pré-escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Cordeiro de Souza

    2016-07-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a frequência de excesso de peso em pré-escolares. Método: a amostra foi constituída por 151 pré-escolares, sendo 71 do sexo masculino, com idade média de 5±0,1 anos. Para avaliação do estado nutricional, foi avaliado o peso corporal e a estatura, para obtenção do índice de massa corporal (IMC. Na classificação do IMC, utilizou-se como referência as curvas de percentis, recomendado pelo Center for Disease Control and Prevention. Para análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva: média, desvio padrão, frequência percentual e para verificar as diferenças entre os sexos foi utilizado o teste t de Student para amostras independentes. Recorreu-se ao teste qui-quadrado para verificar as diferenças entre as frequências percentuais. Foi adotado um nível de significância estimado em p

  11. O desempenho no trabalho dos educadores canadenses: o peso relativo da tarefa, as condições de ensino e as relações entre alunos e equipe pedagógica The job performance of Canadian educators: the relative importance of the task, teaching conditions and relations between students and teaching team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claude Lessard

    2010-01-01

    Full Text Available A evolução tanto da população escolar quanto das numerosas responsabilidades do papel do educador incita os pesquisadores a questionarem sobre o estado do corpo docente. Neste artigo, a partir de dados empíricos recentes obtidos entre os educadores canadenses (2006, nos interessamos pelo desempenho dos educadores nesse trabalho complexo e em plena evolução que é o ensino, como também pelos fatores que explicam sua variação. De modo geral, os resultados obtidos mostram que o rendimento do trabalho dos educadores está associado de modo significativo à carga de trabalho e às condições de trabalho, mas também igualmente às relações sociais que cercam o exercício cotidiano da profissão. O exame atento dos resultados nos leva a concluir que a influência das relações sociais é mais importante que aquela das condições de trabalho. Mais particularmente, as relações com os alunos exercem uma influência claramente mais significativa que outros fatores estudados: quanto mais as relações são gratificantes, ao menos segundo a percepção dos educadores, mais os professores têm a tendência de atribuir um desempenho positivo à profissão. E, por outro lado, as relações difíceis com os alunos têm um efeito nefasto sobre a experiência profissional dos educadores. O mesmo se dá, ainda que em menor grau, no que se refere à qualidade das relações com os outros membros da equipe pedagógica.The school population evolution and the many new tasks under teacher responsibilities encourage researchers to question about the teachers' status and conditions. In this article, based on empirical data gathered from Canadian educators (2006, we are concerned about the performance of educators in this complex and evolving work called teaching, but also we're looking for factors that explain its variation. Overall, the results show that the performance of educators' work is significantly associated with the workload and working

  12. Excesso de peso em crianças de pré-escolas: prevalência e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilaine Schuch

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência e os fatores associados ao excesso de peso em crianças matriculadas em escolas públicas dos estados do Rio Grande do Sul (RS e Santa Catarina (SC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com crianças de idade entre quatro e seis anos. O desfecho estudado foi o excesso de peso, definido através do escore Z > 2DP para o Índice de Massa Corporal (IMC/idade, em comparação com a população de referência da OMS 2006/2007. As medidas antropométricas de massa corporal e altura foram aferidas em duplicata, utilizando-se técnicas padronizadas conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS. Os dados foram duplamente digitados utilizando o software EPI-INFO, versão 6.04. Foram calculadas frequências absolutas e relativas e médias (DP. Associações entre excesso de peso e demais variáveis foram avaliadas em modelo de Poisson de variância robusta. Foi utilizado o programa STATA versão 12.0 (p < 0,05. RESULTADOS: Foram avaliadas 4.914 crianças (RS 2.578 e SC 2.336. No RS, o excesso de peso foi de 14,4% (IC 95% = 13,1-15,8% e, em SC, de 7,5% (IC 95% = 6,5-8,7%. As variáveis que apresentaram associação com o excesso de peso foram: número de moradores no domicílio; escolaridade materna; situação conjugal; número de filhos; idade materna ao nascimento do primeiro filho; idade gestacional; e o peso ao nascer. CONCLUSÃO: As crianças matriculadas nas pré-escolas públicas do RS apresentaram uma prevalência de excesso de peso duas vezes maior do que a identificada em SC, demonstrando uma diferença significativa na magnitude da obesidade infantil em dois estados brasileiros situados em uma mesma região.

  13. Metodologia para estudo do volume e densidade absoluta da placenta humana de termo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Del Nero Ulisses

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar duas metodologias para o cálculo do volume placentário em gestações normais de termo: a do princípio de Arquimedes e a do volume do cilindro, para estimar a densidade absoluta da placenta. Definir a metodologia mais adequada para o cálculo do volume e densidade placentários, que se relacione com o peso e classificação do recém-nascido. MÉTODOS: foram estudadas 50 placentas provenientes de gestações de termo sem complicações e calculados o volume e a densidade absoluta placentários: a pelo princípio de Arquimedes e b na suposição de que a placenta seria uma secção de cilindro com duas alturas diferentes do bolo placentário: com a altura média e com a altura da média aritmética do centro e extremidades. As densidades absolutas placentárias foram calculadas pelo quociente entre o peso ao ar da placenta e os diferentes volumes. RESULTADOS: a maioria das gestantes eram multíparas, idade média de 25,4 anos, volume placentário médio entre 547,8 e 610 cmsuperscript three e densidade média entre 0,94 e 1,14 g/cmsuperscript three, dependendo da metodologia empregada. CONCLUSÕES: a metodologia mais adequada para estimar o volume placentário no termo foi a do princípio de Arquimedes, pela melhor correlação com o peso dos recém-nascidos, o índice placentário e a classificação do peso dos recém-nascidos em relação à idade gestacional.

  14. O comportamento alimentar de escolares do ensino básico e sua associação com excesso de peso e consumo da alimentação escolar

    OpenAIRE

    Juliana Melo Teruel Biagi Camargo

    2015-01-01

    Resumo: A mudança no padrão de consumo de alimentos e o sedentarismo têm levado ao aumento do excesso de peso da população em todo mundo. Nos países em desenvolvimento, a prevalência do excesso de peso tem aumentado rapidamente, principalmente entre as crianças. No Brasil, as analises das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) tem evidenciado a tendência do aumento do excesso de peso na infância e da diminuição da desnutrição. A obesidade é acompanhada de comorbidades consideradas problemas...

  15. Evaluación del peso al nacer en 92 niños con fisuras del labio y del paladar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Evaristo Zamora Linares

    Full Text Available Objetivo: describir y evaluar algunos aspectos relacionados con el peso al nacer en una población de niños con fisuras de labio y paladar. Métodos: estudio descriptivo con fase analítica realizado en el Hospital Pediátrico Provincial "Hermanos Cordové", de Manzanillo, Cuba. Se incluyeron, luego de ser seleccionados por conveniencia, 92 niños nacidos con fisuras bucales que fueron atendidos en el centro entre los años 1986 y 2010. Se consideraron las variables siguientes: sexo, peso al nacer y tipo de fisura. Mediante medidas descriptivas se establecen asociaciones intervariables. Los aspectos analíticos incluyen el análisis de varianza y la estimación de riesgo (odds ratio y su intervalo de confianza del 95 %. Resultados: la prevalencia de bajo peso al nacer en estos pacientes (14,1 % resultó elevada, en comparación con la población general. Hubo una asociación significativa entre el tipo de fisura y el peso al nacer (X²= 12,65. El riesgo de bajo peso al nacer en los pacientes con fisuras labiales asociadas a fisuras palatinas fue significativo (RP= 6,24; IC 95 %: 1,3-30. Conclusiones: los resultados del estudio se corresponden de manera general con los obtenidos por otros autores. Aparentemente hay una asociación entre el nivel de gravedad de las fisuras y el riesgo de bajo peso al nacer.

  16. Importancia de los antecedentes maternos en el recién nacido bajo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gil Vicente Sarmiento Brooks

    2000-10-01

    Full Text Available Se realizó un estudio observacional, analítico, con un modelo de diseño del tipo casos y controles en 117 mujeres del Policlínico Docente "La Rampa" perteneciente al municipio Plaza de la Revolución de las cuales 17 tuvieron un recién nacido con un peso inferior a los 2 500 g. Las restantes 100 mujeres lograron niños con un peso igual al anteriormente señalado o superior. Analizamos la influencia de algunos antecedentes como el orden de nacimientos y de embarazos, el número de abortos y las gestaciones de bajo peso anteriores y determinados antecedentes patológicos de la madre. Se concluyó que los factores que influyen en el nacimiento de un niño con bajo peso son, entre otros: que sea el primer nacimiento (RR = 2; el primer embarazo (RR = 1,8; el haber tenido 2 o más abortos previos (RR = 4,9, el antecedente de haber tenido uno o más recién nacido de bajo peso (RNBP (RR = 6,9 y ciertas enfermedades maternas como la urosepsis (RR = 3,7, la hipertensión crónica (RR = 3,21, la anemia (RR = 2,7 y el asma (RR = 1,9. Se hacen algunas recomendacionesAn observational and analytical case-control study was conducted among 117 women attended at "La Rampa" Teaching Polyclinic, in the municipality of Plaza de la Revolución. 17 of these women had a newborn infant with a birth weight under 2 500 g. The rest of them had children with the same weight or higher. The influence of some history as the order of births and pregnancies, the number of abortions and the previous low weight gestations and certain pathological history of the mother were analyzed. It was concluded that the factors that influenced on the birth of a low birth weight infant are, among others: the first birth (RR=2, the first pregnancy (RR=1,8; having had 2 or more previous abortions (RR=4,9, having had one or more low birth weight infants (RR=6,9, and some maternal diseases as urosepsis (RR=3,7, chronic hypertension (RR=3,21, anemia (RR=2,7 and asthma (RR=1,9

  17. Efectos de la ingesta ad libitum de bebidas hidratantes sobre el peso corporal, la frecuencia cardíaca y el volumen plasmático durante una actividad física de alta intensidad y larga duración -Informe preliminar- Body weight, the heart rate, and the plasma volume during a high-intesity, long-duration run

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubiela Flórez Manrique

    2004-02-01

    Full Text Available Objetivo: determinar la magnitud de la ingesta ad libitum de tres bebidas hidratantes de diferente osmolaridad y establecer sus efectos sobre el porcentaje de pérdida del peso corporal (PC, el aumento de la frecuencia cardíaca (FC y la reducción porcentual del volumen plasmático (VP en nueve deportistas con entrenamiento aeróbico, sometidos, bajo condiciones ambientales neutras, a una actividad física de alta intensidad 80% de la FC de reserva (FCR80 y larga duración 88 minutos. Metodología: el protocolo experimental se realizó en banda rodante, luego de nueve minutos de calentamiento, a una velocidad equivalente al 50% de la FCR y con una pendiente del 1%; siguieron 88 minutos de carrera, en tres intervalos, los dos iniciales de 29 minutos y el último de 30; la pendiente se mantuvo y la velocidad se incrementó al 80% de la FCR; finalmente, 90 minutos de recuperación, en tres intervalos de 30 minutos cada uno. No se hizo reposición hídrica durante el tratamiento deshidratado (DH; durante los tratamientos con hidratación se empleó un volumen similar de tres bebidas de diferente osmolaridad (H-I, H-II, H-III, el cual fue ingerido ad libitum. Resultados: durante la etapa de ejercicio la pérdida hídrica fue de 1.440 ml/h mientras que el volumen ingerido fue de 407 ml/h. Se observó, en cada uno de los tratamientos, una pérdida porcentual del PC (p<0,001; un incremento de la FC (p<0,05, y excepto con H-II y H-III una reducción porcentual del VP (p<0,05. No hubo diferencias intertratamientos en el porcentaje de la pérdida del PC, en el aumento de la FC ni en la reducción porcentual del VP. Conclusiones: la ingesta ad libitum fue menor que la cantidad recomendada internacionalmente por lo que, probablemente, no se pudieron establecer los efectos de la osmolaridad de las bebidas hidratantes sobre las variables estudiadas. Estos hallazgos nos obligan a revisar las prácticas de hidratación de nuestros deportistas ya que, al parecer

  18. Relación del peso máximo con la fuerza aplicada y la potencia producida en un test creciente, en el ejercicio de press de banca plano con barra libre, en levantadores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Naclerio Ayllón

    2006-12-01

    Full Text Available Se evaluaron 9 levantadores que realizaron 2 test, en el ejercicio de press de banca plano con barra libre. Un test progresivo con pesos ligeros a máximos (TPR, y el test de una máxima repetición (1 MRD. Se midió la fuerza (f, velocidad (v y potencia (p con cada peso movilizado, se determinó el máximo peso desplazado en una única repetición (1 MR. Se observaron correlaciones significativas entre el valor de la 1 MR obtenida en el test de 1 MRPr y el de 1 MRD, entre la potencia máxima (absoluta y relativa al peso corporal y la 1 MR absoluta y relativa al peso corporal. No se observaron diferencias significativas (p < 0,05 entre el valor de la 1 MR obtenida en el test progresivo (1 MRPr y el alcanzado en el test de 1 MRD. Se acepta la aplicación del test progresivo (TPR para determinar los niveles de f, v, p, el valor de la 1 MR en kg, así como localizar los porcentajes de peso, respecto al nivel de la 1 MR, en donde se alcanzan los valores más altos de potencia mecánica, y estimar las adaptaciones funcionales inducidas por los entrenamientos de fuerza.

  19. Variación del peso durante el primer mes de vida en recién nacidos de término sanos con lactancia materna exclusiva

    OpenAIRE

    COVAS, MARÍA; ALDA, ERNESTO; VENTURA, SILVIA; BRAUNSTEIN, SILVIA; SERRALUNGA, GABRIELA; YÁÑEZ, LORETO

    2008-01-01

    La variación del peso en recién nacidos sanos resulta de interés clínico, principalmente en aquellos niños con lactancia materna exclusiva. Objetivos. Determinar el cambio relativo del peso al nacer durante el primer mes, en recién nacidos de término sanos, alimentados exclusivamente con pecho. Diseño. Observacional; tipo cohorte. Prospectivo. Población, material y métodos. Recién nacidos asistidos entre septiembre de 2000 y noviembre de 2001. Criterios de elegibilidad: recién nacidos de térm...

  20. Validação da curva normal de peso fetal estimado pela ultra-sonografia para o diagnóstico do peso neonatal Validity of the normal fetal weight curve estimated by ultrasound for diagnosis of neonatal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a concordância entre o peso fetal estimado (PFE por ultra-sonografia e o neonatal, o desempenho da curva normal de PFE por idade gestacional no diagnóstico de desvios do peso fetal/neonatal e fatores associados. MÉTODOS: participaram do estudo 186 grávidas atendidas de novembro de 1998 a janeiro de 2000, com avaliação ultra-sonográfica até 3 dias antes do parto, determinação do PFE e do índice de líquido amniótico e parto na instituição. O PFE foi calculado e classificado de acordo com a curva de valores normais de PFE em: pequeno para a idade gestacional (PIG, adequado para a idade gestacional (AIG e grande para a idade gestacional (GIG. A mesma classificação foi feita para o peso neonatal. A variabilidade das medidas e o grau de correlação linear entre o PFE e o peso neonatal foram calculados, bem como a sensibilidade, especificidade e valores preditivos para o uso da curva de valores normais de PFE para o diagnóstico dos desvios do peso neonatal. RESULTADOS: diferença entre o PFE e o peso neonatal variou entre -540 e +594 g, com média de +47,1 g, e as duas medidas apresentaram um coeficiente de correlação linear de 0,94. A curva normal de PFE teve sensibilidade de 100% e especificidade de 90,5% em detectar PIG ao nascimento, e de 94,4 e 92,8%, respectivamente, em detectar GIG, porém os valores preditivos positivos foram baixos para ambos. CONCLUSÕES: a estimativa ultra-sonográfica do peso fetal foi concordante com o peso neonatal, superestimando-o em apenas cerca de 47 g e a curva do PFE teve bom desempenho no rastreamento diagnóstico de recém-nascidos PIG e GIG.PURPOSE: tocompare the ultrasound estimation of fetal weight (EFW with neonatal weight and to evaluate the performance of the normal EFW curve according to gestational age for the diagnosis of fetal/neonatal weight deviation and associated factors. METHODS: one hundred and eighty-six pregnant women who delivered at the institution from

  1. Una variante del gen CAPN10 y los factores ambientales muestran asociación con el exceso de peso en jóvenes colombianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana C. Orozco

    2014-12-01

    Full Text Available Introducción. La obesidad resulta de la interacción entre factores de riesgo genéticos y ambientales. Objetivo. Evaluar el efecto de tres variantes genéticas y factores ambientales en el exceso de peso en jóvenes de 10 a 18 años de Medellín, Colombia. Materiales y métodos. Se hizo un estudio transversal en 424 jóvenes divididos en tres grupos: 100 obesos, 112 jóvenes con sobrepeso, y, pareados con ellos, 212 jóvenes con peso adecuado, que conformaron el grupo de control. Se evaluó la asociación entre tres polimorfismos genéticos (UCP3-rs1800849, FTO-rs17817449 y CAPN10-rs3842570 y el exceso de peso, así como su interacción con antecedentes familiares de enfermedad, el tiempo dedicado a ver televisión y a jugar videojuegos y el consumo de alimentos. Resultados. Los antecedentes familiares de obesidad, la dedicación de más de dos horas al día a ver televisión y jugar videojuegos, la falta de lactancia materna, el bajo consumo de cereales, legumbres, frutas y verduras y el gran consumo de comidas rápidas fueron más frecuentes entre los obesos que en los controles. Se observó una asociación significativa entre el genotipo I/I (SNP19 del CAPN10 y el exceso de peso, incluso en los jóvenes que llevaban una vida activa. Además, se encontró una asociación significativa entre los genotipos C/C del UCP3 y G/G y T/T del FTO y el exceso de peso, pero solo en los jóvenes sedentarios. Conclusiones. En esta población, la alimentación inadecuada y el sedentarismo aumentaron el riesgo de exceso de peso. El genotipo I/I de SNP19 del CAPN10 se asoció significativamente con el exceso de peso. Algunas variantes del FTO y el UCP3 mostraron tener efecto solo en jóvenes sedentarios.

  2. Condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PRUDENCIA CERÓN-MIRELES

    1997-01-01

    Full Text Available Objetivo. Estudiar la asociación entre condiciones de trabajo materno y bajo peso al nacer en la Ciudad de México. Material y métodos. Se encuestaron 2 623 trabajadoras que atendieron sus partos en tres grandes hospitales de la Ciudad de México en 1992. Se obtuvo información sobre los principales factores biológicos y sociales que se asocian al bajo peso al nacer; asimismo, se determinó el estrés ocupacional utilizando el instrumento desarrollado por Karasek. Se utilizaron modelos de regresión logística para evaluar la relación de las condiciones de trabajo con el bajo peso al nacer, controlando por variables confusoras. Resultados. El bajo peso al nacer fue más alto en trabajadoras con jornadas mayores a 50 horas semanales (RM= 1.6; IC= 1.17, 2.28 y con conflictos laborales (RM= 1.5; IC= 1.0, 2.25. La falta de apoyo social tangible fue identificado como un factor de riesgo de bajo peso al nacer (RM= 1.7; IC= 1.20, 2.33. Las medidas preventivas laborales como el cambio de tareas, disminución de la jornada y las salidas por enfermedad no mostraron un efecto benéfico en el peso al nacer, a excepción de la licencia de maternidad; las madres que no la tuvieron mostraron una probabilidad 2.2 veces mayor para bajo peso al nacer (IC= 1.66, 2.93. Conclusiones. Estos hallazgos resaltan la importancia de identificar los factores de riesgo ocupacional en el embarazo..Objective. To study the association between maternal working conditions and low birth-weight in Mexico City. Material and methods. Interviews of 2 623 workers who gave birth in Mexico City hospitals during 1992 were analyzed. Information on the main biologic and social factors associated to low birth-weight was registered. Occupational stress was determined with the instrument designed by Karasek. Logistic regression models to evaluate the relationship between working conditions and low birth-weight were used, controlling by confounding variables. Results. Low birth-weight was

  3. Grau de escolaridade materna e baixo peso ao nascer: uma meta-análise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Silvestrin

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre grau de escolaridade materna e peso de nascimento, considerando-se a hipótese de que a utilização em excesso das tecnologias na área da saúde, assim como a escassez de recursos, pode produzir desfechos similares. MÉTODOS: Realizou-se uma meta-análise com estudos transversais e de coorte, selecionados por revisão sistemática na base de dados bibliográficos MEDLINE com os descritores: socioeconomic factors; infant, low birth weight; cohort studies; cross-sectional studies. As medidas de sumário de efeito foram obtidas pelo modelo de efeito aleatório, e os seus resultados apresentados por intermédio dos gráficos Forest Plot. O viés de publicação foi analisado pelo Teste de Egger, e a avaliação da qualidade dos estudos utilizou a Escala de Newcastle-Ottawa. RESULTADOS: A busca inicial encontrou 729 artigos. Destes, foram excluídos 594, após a leitura do título e do resumo; 21, após reuniões de consenso entre os três revisores; 102, após leitura do texto completo; e três, por não possuírem o desfecho adequado. Dos nove artigos finais, 88,8% apresentavam uma qualidade igual ou superior a seis estrelas (Escala de Newcastle-Ottawa, configurando boa qualidade aos estudos. A heterogeneidade dos artigos foi considerada moderada. A escolaridade materna elevada mostrou um efeito protetor de 33% sobre o baixo peso ao nascer, enquanto que o grau médio não apresentou proteção significativa, quando comparados à escolaridade materna baixa. CONCLUSÕES: A hipótese de similaridade entre os graus extremos da distribuição social, traduzidas pelo nível de escolaridade materna, em relação à proporção de baixo peso ao nascer, não foi confirmada.

  4. Alimentação fora de casa e excesso de peso: uma análise dos mecanismos explicativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilana Nogueira Bezerra

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Discutir os possíveis mecanismos da relação entre consumo de alimentos fora do domicílio e ganho excessivo de peso. Métodos: Realizou-se um levantamento bibliográfico de artigos científicos que descrevessem as características dos alimentos consumidos fora do domicílio e de artigos que investigassem a relação entre essas características e o ganho excessivo de peso, publicados nas bases de dados: MEDLINE, Biblioteca Latino-Americana e do Caribe (LILACS e Scientific Eletronic Library Online (SciELO. Resultados: Constatouse que diversas características da alimentação fora do domicílio como a elevada densidade energética, o elevado teor de gorduras e açúcares, baixo conteúdo de fibras e cálcio, grandes porções de alimentos altamente palatáveis e ofertados em grande variedade e o consumo elevado de refrigerantes e doces contribuem para o ganho excessivo de peso. Conclusão: Constatada a importância da influência da alimentação fora do domicílio no ganho de peso, várias propostas são sugeridas para melhorar a oferta de alimentos saudáveis nas refeições realizadas fora de casa, no entanto, mais estudos são necessários para compreender quais mudanças no setor de alimentação fora de casa são efetivas para reduzir os impactos negativos na saúde da população.

  5. Excesso de peso em adolescentes e estado nutricional dos pais: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Niedja Maria da Silva Lima

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo é verificar a associação entre o excesso de peso em adolescentes e o estado nutricional dos pais e identificar possíveis fatores determinantes. A pesquisa foi realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Scielo e Biblioteca Virtual de Saúde (BVS, considerando-se o período de 2004 a 2014. Os descritores usados foram: “Adolescente”, “Fatores de risco”, “Obesidade”, “Pais” e “Sobrepeso”. Dos 366 artigos encontrados, apenas 07 atenderam a todos os critérios de elegibilidade. Notou-se nos adolescentes prevalência de sobrepeso mais elevada nos estudos realizados no Brasile na Grécia, enquanto a prevalência de obesidade foi maior nos estudos conduzidos nos Estados Unidos. Foram verificadas maiores prevalências de excesso de peso em adolescentes do sexo masculino. Todos os trabalhos mostraram que a presença de sobrepeso ou obesidade no pai ou na mãe aumenta o risco dos adolescentes desenvolverem excesso de peso, e esse risco é ainda maior quando ambos os pais são obesos. A grande associação entre excesso de peso nos adolescentes e estado nutricional dos pais está relacionada com inúmeros fatores, dessa forma, a presença de um fator de risco, como, por exemplo, a predisposição genética, pode ser amenizada por um fator de proteção, como hábitos alimentares saudáveis.

  6. Gravidez na adolescência: análise de fatores de risco para baixo peso, prematuridade e cesariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilma Lázara de Almeida Cruz Santos

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar possíveis associações entre a faixa etária materna até 16 anos, com o peso e a idade gestacional do recém-nascido, assim como a ocorrência de cesaria na. Estudo transversal com dados das Declarações de Nascidos Vivos/DN obtidos através do Sistema Nacional de Nascidos Vivos/SINASC, de Feira de Santana, Bahia, Brasil, no período 2006 a 2012. Nas análises, utilizou-se regressão logística, em razão de odds (OR e intervalo de confiança de 95 %, medindo a força de associação entre variáveis, ajustadas aos fatores de confundimento. Os Recém Nascidos de baixo peso e de peso insuficiente mostraram associação significante com a faixa etária materna (< 16 anos; e interação estatística do pré-natal inadequado e cesariana; em gestantes adolescentes com idade abaixo de 16 anos, a cesariana mostrou associação significante com estado civil solteira (OR 1,24, pré-natal inadequado (OR 1,58 e Recém Nascidos de baixo peso (OR 1,34. Os dados sugerem que múltiplos fatores podem interferir no tipo de parto e resultado gestacional de adolescentes em idade muito precoce, apontando a importância de investimentos em políticas e ações direcionadas a esse grupo, considerado de alta vulnerabilidade aos agravos gestacionais e perinatais.

  7. Propuesta de un nuevo puntaje para optimizar estimados ecográficos de peso fetal: estudio piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rojas Camayo

    2009-06-01

    Full Text Available Introducción: La estimación del peso fetal es importante para las decisiones obstétricas; la precisión de los estimados ecográficos no ha sido estudiada. Objetivos: Determinar la precisión del estimado ecográfico del peso fetal mediante un puntaje basado en parámetros clínicos, ecográficos y maternos. Diseño: Estudio de tipo transversal. Lugar: Hospital Nacional Guillermo Almenara Irigoyen, Lima, Perú. Participantes: 130 gestantes y sus fetos. Intervenciones: Se consignó datos clínicos, ecográficos y maternos. Se procedió a dicotomizar los aciertos entre menor o igual a ±10% (acertadas y mayor a ±10% (erradas del peso real. Se analizó las variables clínicas, ecográficas y maternas mediante el uso de las curvas ROC, para identificar aquellas que tuvieron más influencia en la precisión ecográfica. Con las variables identificadas, se procedió al desarrollo de un modelo de regresión logística, para establecer un puntaje que estimara la probabilidad de variación, teniendo como punto de corte ±10% del peso real. Principales medidas de resultados: Precisión de un puntaje que relaciona la edad gestacional con la circunferencia abdominal y el diámetro biparietal del feto, el ponderado clínico y el peso materno. Resultados: El nuevo puntaje tuvo un buena capacidad de discriminación de las ecografías, según su variación a ±10% del peso real (área bajo la curva ROC: 0,76 p<0,001. Según los puntajes obtenidos, se obtuvo tres grupos: rendimiento alto 20%, rendimiento convencional 44,4% y rendimiento bajo 71,2%. Conclusiones: El nuevo puntaje propuesto tiene la capacidad de estimar la probabilidad de variación de los estimados ecográficos mayores al ±10% del peso real, conformando tres grupos de rendimiento: alto, convencional y bajo.

  8. Efectividad de la terapia cognitivo-conductual en la pérdida de peso tras dos años de cirugía bariátrica en pacientes con obesidad mórbida

    OpenAIRE

    V Abilés; J Abilés; S Rodríguez-Ruiz; V Luna; F Martín; N Gándara; MC Fernández-Santaella

    2013-01-01

    Objetivo: Evaluar la efectividad de la Terapia Cognitivo Conductual (TCC) en el éxito de la pérdida de peso postoperatoria tras 2 años de CB. Metodología: Estudio observacional prospectivo en el que se incluyeron pacientes entre 18 y 59 años candidatos a CB, entre enero de 2007 y junio de 2010, realizando seguimiento postoperatorio hasta junio de 2012. Se compararon dos grupos de estudio de acuerdo a su participación en TCC o no. Se tomaron datos de peso corporal y estatura, a partir de las c...

  9. Prevalência e fatores associados ao ganho de peso gestacional excessivo em unidades de saúde do sudoeste da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elma Izze da Silva Magalhães

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Determinar a prevalência do ganho de peso semanal excessivo em gestantes e verificar a associação com fatores demográficos, socioeconômicos, obstétricos, antropométricos e comportamentais. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal realizado com 328 gestantes assistidas em todas as unidades de saúde da zona urbana de Vitória da Conquista, Bahia. Os dados foram coletados no período de maio de 2010 a junho de 2011. O ganho de peso semanal foi avaliado de acordo com as recomendações atuais do Institute of Medicine (IOM. A associação entre os fatores em estudo e o ganho de peso semanal excessivo foi verificada nas gestantes, no segundo e terceiro trimestres, por meio da análise de regressão de Poisson com variância robusta. Resultados: A prevalência de ganho de peso semanal excessivo nas gestantes do segundo e terceiro trimestres foi de 42,5%. Os fatores determinantes do ganho ponderal semanal excessivo foram: renda familiar < 1 salário mínimo (RP: 2,65; IC95% 1,18 - 4,83 e estado nutricional pré-gestacional sobrepeso/obesidade (RP: 1,33; IC95% 1,01 - 1,75. Conclusão: Os resultados do estudo reforçam a importância do monitoramento do ganho de peso durante a gestação. A avaliação do ganho de peso semanal possibilita a realização de intervenções precoces visando a prevenção do ganho de peso total excessivo e suas consequências para a mãe e para a criança.

  10. Excesso de peso: determinantes sociodemográficos e comportamentais em adultos, Brasil, 2008 Overweight: socio-demographic and behavioral determinants in Brazilian adults, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naíza Nayla Bandeira de Sá

    2011-07-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva conhecer os determinantes sociodemográficos e comportamentais do excesso de peso entre adultos brasileiros, residentes nas capitais de estados e no Distrito Federal, com base em dados do sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico de 2008. A variável dependente foi excesso de peso e as independentes foram as sociodemográficas, as comportamentais e o estado nutricional aos 20 anos. Verificaram-se 44,4% de excesso de peso. Os fatores sociodemográficos associados ao excesso de peso em ambos os sexos foram: maior idade, união conjugal estável, maior escolaridade entre homens e menor entre mulheres. À exceção do excesso de peso aos 20 anos, os fatores comportamentais se associaram com o excesso de peso de modo diferente entre os sexos: no sexo masculino, não ser ativo no tempo livre; no feminino, padrão alimentar ruim e hábito de assistir à televisão. Os determinantes comportamentais do excesso de peso são diferentes para homens e mulheres, demonstrando a necessidade de estratégias diferenciadas.This article aims to identify socio-demographic and behavioral determinants of overweight among Brazilian adults living in State capitals and the Federal District, using data collected by a telephone survey for surveillance of risk and protective factors in 2008. The outcome variable was overweight, and the independent variables were socio-demographics, behavioral factors, and nutritional status at 20 years of age. The overweight rate was 44.4%. Socio-demographic factors associated with overweight were age and marital status (married in both genders, higher schooling in men, and lower schooling in women. With the exception of overweight at 20 years of age, behavioral factors were associated differently with overweight according to gender (leisure-time physical inactivity in males and dietary patterns and watching television among females. The behavioral

  11. Anatomía y densidad o peso específico de la madera

    OpenAIRE

    León Hernández, Williams J.

    2010-01-01

    El presente trabajo trata sobre la relación que existe entre las características anatómicas de la madera y su densidad o peso específico. Tomando en consideración la importancia de esta propiedad física y su relación con otras propiedades físico-mecánicas de la madera, es necesario conocer cuáles son los elementos celulares que influyen sobre la misma. En el caso de maderas de coníferas, las características de las traqueidas definen el valor promedio y el patrón de variac...

  12. Más kilos de peso menos años por vivir

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria del Rosario Álvarez

    2006-12-01

    Full Text Available El ser humano tiene mayor riesgo de volverse obeso cuando la población dispone de gran variedad de alimentos, incluyendo los de proceso industrial, y la vida se hace más fácil, mecanizada y ociosa. Estos cambios en los estilos de vida propician el sedentarismo y, a su vez, el desequilibrio entre la energía que se ingiere y el gasto calórico necesario para satisfacer las necesidades metabólicas, termogénicas y de actividad física. Un desequilibrio calórico excesivo y sostenido ocasiona incremento exagerado de peso y depósito de grasa y como consecuencia la obesidad, que es uno de los factores más importantes de riesgo para la salud, tanto en la población de países industrializados como en el mundo en desarrollo.

  13. Relación del consumo de productos para bajar de peso con el sobrepeso y la obesidad en profesores universitarios de Puebla, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Guadalupe Ceja Ramirez

    2015-01-01

    Full Text Available Introducción: Las tendencias de obesidad y sobrepeso en México muestran un significativo incremento en las últimas encuestas nacionales, lo cual se ve reflejado en el incremento de las  enfermedades crónicas no transmisibles, además de mayor consumo de productos para bajar de peso. Objetivos: Encontrar la relación entre el consumo de productos adelgazantes con el sobrepeso y la obesidad en profesores de una universidad privada de Puebla, México. Materiales y métodos: Se realizó un diseño no experimental, transversal  descriptivo, utilizando un muestreo probabilístico aleatorio simple, en el que participaron 100 profesionistas de los cuales 27 fueron hombres y 73 mujeres. Se aplicó un cuestionario para conocer los hábitos, el consumo de productos para bajar de peso, además de mostrárseles modelos anatómicos que determinaron la percepción de la persona con su cuerpo. Finalmente se realizó la medición antropométrica, obteniendo el cálculo de su índice de masa corporal (IMC. Resultados: El 45% de las personas involucradas presentan sobrepeso y obesidad; 38%  consume productos para bajar de peso, siendo el 84.2% mujeres; entre mayor índice de masa corporal (IMC mayor consumo de productos para bajar de peso (p<0.05. Se observa una relación inversa entre mayor obesidad y menor número de comidas al día, a la par con menor número de horas de ejercicio y finalmente la mayoría de las personas con sobrepeso se perciben con un IMC mayor. Conclusión: El consumo de productos para bajar de peso se relaciona con el incremento del sobrepeso y la obesidad en los profesionistas.

  14. El recién nacido pretérmino extremadamente bajo peso al nacer: Un reto a la vida Preterm newborn with a very low birth weight: A life challenge

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yanet García Fernández

    2006-09-01

    Full Text Available Con el objetivo de conocer la supervivencia del recién nacido pretérmino extremadamente bajo peso, realizamos un estudio de 55 recién nacidos pretérmino extremadamente bajo peso ingresados en nuestro servicio entre enero de 1986 y diciembre de 2005. Se recolectaron los datos retrospectivamente a partir de los libros de registro del servicio y la maternidad. Se analizó el peso, el sexo y la enfermedad presentada y se llevaron a tablas las estadísticas, cuyo análisis se realizó mediante porcentajes. La supervivencia fue mayor a medida que el peso al nacer se incrementó. Las causas primarias de muerte fueron la enfermedad de la membrana hialina y la hemorragia intraventricular. El 57 % de los pacientes presentó enfermedades asociadas a la inmadurez.

  15. Enfermedad periodontal: ¿es factor de riesgo para parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Castaldi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Evaluar si la enfermedad periodontal (EP constituye un factor de riesgo de parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia y si hay alguna relación entre las formas clínicas de la EP y los resultados obstétricos mencionados. MÉTODOS: Estudio analítico, transversal y prospectivo de todas las mujeres que tuvieron su parto en el Hospital Dr. José Penna, de la ciudad de Bahía Blanca, Argentina, entre el 1.º de febrero y el 18 de julio de 2003 y entre el 1.º de marzo y el 31 de mayo de 2004. A las mujeres que cumplieron los criterios de inclusión (ser mayor de 18 años, tener al menos 18 dientes, no ser diabética y que los hijos hubieran sobrevivido al parto se les practicó un examen odontológico en busca de hemorragia al sondaje, movilidad dentaria o inflamación gingival y se realizaron mediciones clínicas de la pérdida de inserción. Se calcularon las razones de posibilidades (odds ratios, RP con sus intervalos de confianza del 95% (IC95% y se ajustaron los resultados por las variables "ser fumadora" y "tener anemia". RESULTADOS: Se registraron 2 003 nacimientos, correspondientes a 1 982 partos. Se excluyeron 420 (21,2% mujeres por no cumplir los criterios de inclusión o por no poder realizárseles el diagnóstico odontológico previsto. De las 1 562 mujeres evaluadas, 809 (51,8% presentaban alguna de las afecciones buscadas; de ellas, 274 (17,5% padecían EP grave y 535 (34,3% tenían gingivitis. En total, 149 (9,5% partos fueron pretérmino, en 161 (10,3% nacieron niños con bajo peso y en 157 (10,0% se presentaron casos de preeclampsia. No se observó asociación alguna entre la EP y el parto pretérmino (RP = 1,06; IC95%: 0,74 a 1,50, el bajo peso al nacer (RP = 1,05; IC95%: 0,74 a 1,47 y la preeclampsia (RP = 0,99; IC95%: 0,70 a 1,40. El riesgo de dar a luz un niño con bajo peso al nacer en el subgrupo de fumadoras de más de 10 cigarrillos diarios fue mayor en las que tenían enfermedad periodontal grave que

  16. Proteção pulmonar: intervenção para reduzir o volume corrente em uma unidade de terapia intensiva de ensino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arturo Briva

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Determinar o efeito do fornecimento de comentários e educação, com relação ao uso do peso corpóreo previsto para ajuste do volume corrente em uma estratégia de ventilação de proteção pulmonar. Métodos: O estudo foi realizado entre outubro de 2014 e novembro de 2015 (12 meses em uma única unidade de terapia intensiva polivalente universitária. Desenvolvemos uma intervenção combinada (educação e comentários, dando particular atenção à importância do ajuste dos volumes correntes para o peso corpóreo previsto ao pé do leito. Paralelamente, o peso corpóreo previsto foi estimado com base na estatura calculada a partir da altura dos joelhos e incluído nas fichas clínicas. Resultados: Foram incluídos 151 pacientes. O peso corpóreo previsto avaliado pela altura dos joelhos, em vez de avaliação visual, revelou que o volume corrente fornecido era significantemente mais elevado do que o previsto. Após a inclusão do peso corpóreo previsto, observamos redução sustentada do volume corrente fornecido, de uma média (erro padrão de 8,97 ± 0,32 para 7,49 ± 0,19mL/kg (p < 0,002. Mais ainda, a adesão ao protocolo foi subsequentemente mantida durante os 12 meses seguintes (volume corrente fornecido de 7,49 ± 0,54 em comparação a 7,62 ± 0,20mL/kg; p = 0,103. Conclusão: A falta de um método confiável para estimar o peso corpóreo previsto é um problema importante para a aplicação de um padrão mundial de cuidados durante a ventilação mecânica. Uma intervenção combinada, que se baseou em educação e fornecimento continuado de comentários, promoveu uma redução sustentada do volume corrente durante o período do estudo (12 meses.

  17. Relação entre nível de atividade física e disfunção erétil em homens com idade entre 40 e 75 anos

    OpenAIRE

    Agostini, Lucas Côrtes Machado

    2010-01-01

    INTRODUÇÃO: A disfunção erétil possui alta prevalência em homens com 40 a 70 anos e tem se tornado um marcador de maior risco cardiovascular. Homens que adotam mudanças no estilo de vida, incluindo atividades físicas e perda de peso melhoram sua função erétil. OBJETIVO: Avaliar a presença da associação entre o nível de atividade física, o nível de condicionamento físico e características (obesidade, dislipidemia e aumento do volume abdominal) e hábitos (tabagismo) de maior risco cardiovascula...

  18. MÉTODOS DE ESTIMATIVA DE PESO E ALTURA NA AVALIAÇÃO DE DESNUTRIÇÃO DE PACIENTES COM CÂNCER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Alvares Duarte Bonini CAMPOS

    2012-12-01

    Full Text Available Calcular as medidas reais e estimadas de peso e altura em pacientes oncológicos, avaliar a correlação e a concordância destas medidas e identificar os pacientes desnutridos. Participaram 62 pacientes oncológicos, atendidos no Hospital Amaral Carvalho (Jaú-SP. Para classificação do estado nutricional, utilizou-se a Avaliação Subjetiva Global – Produzida Pelo Paciente, o Índice de Massa Corporal e as relações com peso habitual. Para o peso estimado, utilizou-se o algoritmo proposto por Chumlea et al.8 e para altura estimada, as equações proposta por Chumlea et al.7 e por Kwok & Whitelaw.24 Calculou-se o Coeficiente de Correlação de Pearson e Coeficiente de Correlação Intraclasse e realizou-se regressão linear simples. Para comparar a presença de desnutrição detectada pelos diferentes métodos, utilizou-se o teste Q de Cochran. Observou-se correlação forte e significativa entre o peso real e o estimado (r=0,95, IC95%=0,92-0,97, p<0,001 e concordância excelente (ρ=0,95. Para as medidas de altura, observouse correlação significativa entre a medida real e estimada pelo método Chumlea et al.7 (r=0,78, IC95%=0,66-0,86, p<0,001 e Kwok & Whitelaw24 (r=0,85, IC95%: 0,75-0,90, p<0,001. A concordância foi “Boa” (ρ=0,72 e “Moderada” (ρ=0,67 entre a altura real e estimada por Chumlea et al.7 e Kwok & Whitelaw,24 respectivamente. Houve forte correlação entre as medidas reais e estimadas de peso e altura. A reprodutibilidade da equação proposta por Chumlea et al.7 para o cálculo da altura foi melhor. Quanto ao estado nutricional, os pacientes classificados como desnutridos foi maior ao se utilizar a Avaliação Subjetiva Global – Produzida Pelo Paciente e as relações com peso habitual.

  19. Influência da altura e ganho de peso maternos e de idade gestacional sobre o peso do recém-nascido: estudo de 3 grupos de gestantes normais The influence of maternal height and weight gain and gestational age on the newborn's weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1975-09-01

    Full Text Available Foi estudada em 1.354 gestantes normais, a influência da altura e ganho de peso maternos e da idade gestacional sobre o peso do recém-nascido. Verificou-se que as gestantes que deixaram de ganhar peso em controles mensais e as que tinham 1,49 m ou menos de altura apresentaram maior risco de terem recém-nascido de baixo peso. O maior aumento de peso fetal ocorre entre a 36ª e 40ª semanas de gravidez. Foi construída uma curva ponderal para gestantes normais, que possibilita a identificação de gestantes desnutridas ou obesas. Foi testada a curva de crescimento intrauterino de Tanner e Thomson, verificando-se sua aplicabilidade em nosso meio.The influence of maternal height and maternal weight gain and gestational age on the newborn's weight was studied in 1.354 pregnant women. The pregnant women who stopped gaining weight in monthly follow-ups and those whose height was 1.49 m or under presented a greater probability of having low weight babies at birth. The largest foetal weight gain was between the 36th and 40th week of pregnancy. A normal weight curve that permits the identification of undernourished and overweight preganant women was built The Tanner and Thomsen intrauterine growth diagramme and its applicability among our population was pointed out.

  20. Microbial contamination in 20-peso banknotes in Monterrey, Mexico.

    Science.gov (United States)

    Rocha-Gámez, Judith; Tejeda-Villarreal, Paula Nelly; Macías-Cárdenas, Patricia; Canizales-Oviedo, Jorge; Garza-González, Elvira; Ramírez-Villarreal, Elsa Guadalupe

    2012-09-01

    The authors' aim was to isolate and identify bacteria or yeast that may be present on the surface of 20-peso banknotes from the metropolitan area of Monterrey, Mexico. They randomly studied a total of 70 20-peso banknotes for the presence of bacteria and species of Candida by conventional methods. Out of the 70 banknotes, 48 (69%) were found to be contaminated. The most prevalent species observed was Candida kruseii (19 bills, 27%) followed by Burkholderia cepacia (9 bills, 13%); 22 (31%) bills showed no growth. Of the 48 contaminated bills, four (5.7%) yielded bacteria considered pathogenic and the other 44 bills (63%) yielded bacteria considered potentially pathogenic. Eleven bills showed more than one microbial species. The results of the authors' study show that contamination occurs on paper currency in the metropolitan area of Monterrey. The authors' findings provide evidence that currency banknotes may represent a threat to human health.

  1. Factores de riesgo en el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Díaz Alonso

    Full Text Available Se realizó un estudio retrospectivo de tipo caso control en el área del Policlínico Docente "Luis A. Turcios Lima" del municipio 10 de Octubre durante el período de 1990 a 1993, con el objetivo de identificar el comportamiento del bajo peso al nacer, establecer la existencia y la intensidad de esta entidad con los factores de riesgo seleccionados, e identificar el grado de influencia individual de dichos factores. La muestra quedó conformada por 92 recién nacidos de bajo peso y 468 con normopeso. Las variables estudiadas fueron la edad materna, la valoración ponderal, las complicaciones obstétricas, las enfermedades asociadas con la gestación, el hábito de fumar y el período intergenésico. Se aplicó el test chi-cuadrado, el odds- -ratio y el de riesgo atribuible en los nacimientos expuestos y en la población total. Todas las variables estuvieron asociadas significativamente con el bajo peso al nacer, y fueron identificadas como factores de riesgo con influencia marcada: la edad materna de 35 años o más, la amenaza de parto prematuro, la rotura prematura de membranas, la toxemia y la diabetes mellitus; con efecto moderado, el bajo peso materno, un período intergenésico menor de 1 año, la hipertensión arterial, el asma bronquial, el hábito de fumar, la sepsis urinaria, y con influencia ligera, la edad materna inferior a los 20 años.

  2. Efeitos do consumo de amendoim com diferentes teores de ácido graxo oléico na permeabilidade intestinal e endotoxemia em homens com excesso de peso

    OpenAIRE

    Moreira, Ana Paula Boroni

    2013-01-01

    O consumo de amendoim tem sido relacionado a inúmeros benefícios à saúde. A frequência de consumo de amendoim tem se associado inversamente ao índice de massa corporal (IMC) e risco de obesidade. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do consumo de uma dieta hipocalórica contendo ou não amendoim na permeabilidade intestinal e na concentração de lipopolissacarídeo (LPS) plasmático. Homens com excesso de peso (IMC entre 26-35 kg/m2) e idade entre 18-50 anos foram aleatoriamente alocados...

  3. Estado nutricional materno, ganho de peso gestacional e peso ao nascer Maternal nutritional status, gestational weight gain and birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Suely de Oliveira Melo

    2007-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Tanto o estado nutricional materno como o ganho de peso gestacional vem sendo estudado em relação ao papel determinante que desempenham sobre o crescimento fetal e o peso ao nascer. O peso inadequado ao nascer é uma das grandes preocupações da saúde pública devido ao aumento da morbimortalidade no primeiro ano de vida e ao maior risco de desenvolver doenças na vida adulta, tais como a síndrome metabólica, nos casos de baixo peso, e diabetes e obesidade, nos casos de macrossomia. O objetivo deste trabalho foi descrever uma coorte de gestantes, classificando-as de acordo com o estado nutricional inicial, o ganho ponderal gestacional, a resistência nas artérias uterinas e o peso dos recém-nascidos. MÉTODOS: foi acompanhada, a cada quatro semanas gestacionais, uma coorte de 115 gestantes atendidas pelo Programa de Saúde da Família do município de Campina Grande, PB. O estado nutricional inicial foi determinado através do índice de massa corporal (kg/m² para a idade gestacional, e as gestantes classificadas de acordo com os critérios de Atalah. Na 20ª semana, foi estudada a resistência das artérias uterinas, através da dopplervelocimetria. RESULTADOS: o estado nutricional inicial mostrou uma alta prevalência de sobrepeso e obesidade (27%, e uma prevalência significante de desnutrição (23%. Um alto percentual de gestantes ganhou peso excessivo tanto no segundo (44% como no terceiro trimestre (45%. A distribuição do peso ao nascer, indicou uma incidência de 10% de baixo peso e de 9% de macrossomia. Observou-se ainda, uma alta prevalência de incisuras nas artérias uterinas.INTRODUCTION: Maternal nutritional status and gestational weight gain have been addressed because of their importance to fetal growth and birth weight. Inadequate birth weight is a major concern to public health given it has been associated with increasing morbidity-mortality during the first year of life and with increased risks of

  4. Peso y talla en niños con retinoblastoma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Ridaura-Sanz

    2015-03-01

    Full Text Available Introducción: la talla baja se ha descrito como característica clínica de niños con retinoblastoma. Esta particularidad puede estar relacionada directamente con la enfermedad de base o con factores externos.  Objetivo: el propósito de esta investigación fue conocer la frecuencia de talla y peso bajos en niños mexicanos con retinoblastoma y correlacionar los valores antropométricos con variables de la enfermedad y ambientales. Materiales y métodos: se analizaron expedientes clínicos de 346 pacientes con retinoblastoma. Se obtuvieron los datos de peso y talla referidos al ingreso; antes del tratamiento. Se comparó el valor de Z con las referencias de la distribución normal de la población mexicana. La asociación de las medidas antropométricas con las variables clínicas, sociales y genéticas se estableció con la prueba de c2. Resultados: la talla y el peso promedio de los niños con retinoblastoma fueron significativamente más bajos que los de la población general (p < 0.001 y p = 0.013, respectivamente. La talla y peso bajos fueron más frecuentes en niños con enfermedad avanzada, provenientes de medio rural y de bajo nivel socioeconómico. Conclusiones: los déficits en peso y talla en niños con retinoblastoma se deben a factores relacionados con enfermedad avanzada al momento del diagnóstico, lo cual a su vez es consecuencia de la situación de marginación de la población rural mexicana. Dado que la mayoría de las variables sociales y ambientales están muy relacionadas y que no podemos descartar posibles factores genéticos, las conclusiones de este estudio deben verificarse analizando las medidas de los padres y hermanos y establecer grupos comparativos para controlar las variables confusas.

  5. Alguns fatores associados a excesso de peso, baixa estatura e déficit de peso em menores de 5 anos Some risk factors associated with overweight, stunting and wasting among children under 5 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia R. Vitolo

    2008-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Examinar fatores socioeconômicos e outras condições de vida familiar associadas a excesso de peso, baixa estatura e baixo peso para a estatura em menores de 5 anos. MÉTODOS: Estudo transversal avaliou 3.957 crianças entre 1 mês e 5 anos de idade durante campanha nacional de imunização no município de São Leopoldo (RS em 2002. As condições socioeconômicas e de saneamento das áreas de abrangência das unidades de saúde foram agrupadas por análise de cluster dos setores do censo populacional de 2001. RESULTADOS: Déficit de peso para estatura ocorreu em 2,6% das crianças, baixa estatura em 9,1% e excesso de peso em 9,8%. A regressão logística multivariada sugere que os fatores associados à chance de excesso de peso foram: área de condições socioeconômicas alta (RC = 1,47; IC95% 1,09-1,96, filhos únicos (RC = 1,44; IC95% 1,00-2,07 e peso ao nascer ≥ 2.500 g (RC = 2,21; IC95%1,27-3,83. A chance de déficit de peso associou-se ao baixo peso ao nascer (RC = 3,46; IC95% 2,06-5,80 e idade da mãe OBJECTIVE: To explore whether socioeconomic and sanitary conditions, maternal and child factors are associated with overweight, stunting, and wasting in children under five year old in the city of São Leopoldo, southern Brazil. METHODS: Cross-sectional study of 3,957 children aged 1 month to 5 years conducted in all primary care services of the city during the National Children's Vaccination Day in 2002. Maternal and child factors were assessed by a questionnaire. Children's height and weight were measured. Cluster analysis was used to group the areas served by the primary care services according to socioeconomic and sanitary conditions of the census tracts assessed by the 2001 National Census. RESULTS: Wasting was observed in 2.6% of children, stunting in 9.1% and overweight in 9.8%. The multivariable logistic regression model suggests that overweight was associated with higher socioeconomic status and better sanitation of

  6. Fatores prognósticos para o desenvolvimento cognitivo de prematuros de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva Barbosa Baker Méio

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Crianças prematuras, de muito baixo peso, podem apresentar alterações em seu desenvolvimento cognitivo. No Brasil, pouco se conhece sobre a evolução dessas crianças na idade pré-escolar. O objetivo do estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo de uma população de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso e verificar possíveis fatores prognósticos para desenvolvimento cognitivo anormal. MÉTODOS: Um estudo de coorte foi realizado com uma população de crianças pré-escolares, nascidas prematuras, de muito baixo peso, entre janeiro de 1991 e setembro de 1993. O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio do teste WPPSI-R (Wechsler Preschool and Primary Intelligence Scales aplicado por psicólogas, utilizando dois pontos de corte para definição de anormalidade: escores abaixo de 1 e 2, desvios padrões da média (DP. RESULTADOS: Foram avaliadas 79 crianças de quatro a cinco anos de idade. A média do escore total do teste WIPPSI-R foi de 75,6 (±11,9. A incidência de escore total anormal foi de 77,2% e de 32,9% (1DP e 2 DP, respectivamente. Após o ajuste por "tipo de parto", ser pequeno para a idade gestacional (OR=6,19; IC95% 1,60-23,86, ultra-som transfontanela anormal (OR=5,90; IC95% 1,04-9,83 e ser do sexo masculino (OR=3,20; IC 95% 1,32-26,35 foram os fatores que predisseram escore total <70 (2 DP. CONCLUSÃO: Houve maior comprometimento do desenvolvimento cognitivo nas crianças estudadas do que o descrito na literatura. Ser pequeno para idade gestacional, ultra-som transfontanela anormal e sexo masculino foram fatores prognósticos de pior evolução.

  7. Peso bajo, sobrepeso, obesidad y crecimiento en adolescentes en el Perú 2009-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime Pajuelo R

    2015-04-01

    Full Text Available Introducción: El grupo de adolescentes representan, de alguna manera, la quinta parte de la población y no se encuentran al margen de los problemas nutricionales. Objetivos: Conocer la situación nutricional, el crecimiento y algunos factores determinantes, en adolescentes en el Perú. Diseño: Estudio descriptivo, observacional, transversal. Participantes: Adolescentes. Intervenciones: En 14 753 adolescentes de 10 a 19 años se obtuvo el peso, talla, índice de masa corporal (IMC. Se utilizó la referencia percentilar de Must y los puntajes Z de OMS. Principales medidas de resultados: Promedios y DE. Prevalencias IC 95%. OR IC 95%. Chi-cuadrado y regresión múltiple. Resultados: Se encontró prevalencias de 2,6; 5,9; 79; 9,3 y 3,2 (Must; 0,2; 1,1; 82,6; 12,5; 3,5% (OMS de déficit, peso bajo, normal, sobrepeso y obesidad, respectivamente. Predominó el sobrepeso-obesidad en áreas urbanas, en los no pobres, en la costa, selva y Lima Metropolitana, en los que vivían por debajo de 3 000 msnm. Los factores de riesgo para el déficit-bajo peso fueron: género masculino, pobres extremos, pobres no extremos, vivir en la costa norte y sierra centro, y como factor protector los que estaban por debajo de los 1 000 msnm. Los factores de riesgo del sobrepeso-obesidad fueron el vivir en áreas urbanas, costa sur y por debajo de los 1 000 msnm, los que vivían entre los 1 000 y 2 999 msnm; y los factores de protección fueron el ser pobre extremo, el pobre no extremo, vivir en costa norte, sierra norte, sierra centro y sierra sur y selva. El 28,5% presentó retardo de crecimiento (adolescentes de 10 a 17 años. Los factores de riesgo del retardo de crecimiento fueron: vivir en áreas rurales, en la mayoría de los dominios geográficos excepto la costa sur, los niveles de pobreza (extrema y no extrema, los niveles de altitud (1 000 a 2 999 y más de 3 000 msnm. Conclusiones: El sobrepeso-obesidad es el problema de mayor magnitud en los adolescentes

  8. Excesso de peso e insatisfação corporal em adolescentes Obesity and body dissatisfaction amongst adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Conti

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre excesso de peso e insatisfação corporal de adolescentes de uma instituição da rede particular de ensino fundamental de Santo André, SP. MÉTODOS: Para avaliação do excesso de peso, utilizou-se o índice de massa corporal por idade e sexo, e para a avaliação da insatisfação corporal, aplicou-se a escala de satisfação das áreas corporais. RESULTADOS: Participaram do estudo 147 adolescentes, sendo 35,40% do sexo masculino e 64,60% do sexo feminino. Verificou-se que 44,23% dos meninos e 18,93% das meninas apresentaram excesso de peso; 1,92% dos meninos e 3,16% das meninas, magreza, e os demais (53,85% dos meninos e 58,98% das meninas apresentaram estado nutricional normal. Constatou-se associação estatisticamente significante entre excesso de peso e insatisfação para as áreas do estômago, cintura e peso corporal nos meninos e para as áreas do cabelo, nádegas, quadril, coxas, pernas, estômago, ombros/costas, tônus muscular, peso e aparência geral para as meninas. CONCLUSÃO: Meninas com excesso de peso apresentaram-se mais insatisfeitas com diversas áreas corporais, mas isso não ocorre com os meninos. É recomendável que instituições de ensino médio e fundamental desenvolvam atividades profiláticas voltadas para a conscientização da percepção pessoal e social do adolescente, assim como das pressões a que ele está compelido.OBJECTIVE: This study aimed at evaluating the relationship between overweight/obesity and body dissatisfaction among adolescents in a private school in Santo André, São Paulo, Brazil. METHODS: For the assessment of overweight/obesity, the body mass index for age and gender was used and for the body dissatisfaction evaluation, the body parts satisfaction scale was applied. RESULTS: One hundred and forty-seven adolescents were studied (35.40% males and 64.60% females. It was shown that 44.23% of the males and 18.93% of the females were overweight

  9. Estilo de vida y su relación con el exceso de peso, en los médicos residentes de un hospital nacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jhon Cuba

    2011-07-01

    Full Text Available Introducción: El exceso de peso en los últimos años se ha visto incrementado a nivel mundial. El médico, siendo parte de la sociedad, es la primera imagen en la atención en salud y debería tener condiciones adecuadas de salud. Objetivos: Determinar los estilos de vida y su relación con el exceso de peso en el personal médico. Diseño: Estudio correlacional, observacional, prospectivo, transversal. Institución: Hospital Nacional Daniel Alcides Carrión, Lima, Perú. Participantes: Médicos residentes. Intervenciones: Se estudió una muestra de 34 médicos residentes comprendidos entre 25 y 60 años. Se tomó peso y talla, para determinar el índice de masa corporal, y se aplicó una encuesta sobre estilos de vida. Principales medidas de resultados: Estilos de vida y su relación con el exceso de peso. Resultados: De los 34 residentes, 88% fueron del sexo masculino y 12% del femenino; la edad promedio fue 31,5 ± 7,5. El 53% de la población presentó sobrepeso y 21% obesidad. En relación al estilo de vida, los residentes empleaban 9 minutos para el desayuno, 26 minutos para el almuerzo y 27 para la cena; 88% y 82%, respectivamente, consumían frutas y verduras por debajo de lo recomendado; 71% consumía alimentos entre comidas, de los cuales 69% presentaba exceso de peso. Un 46% de los que presentaba exceso de peso prefería alimentos altos en condimentos y 65% de ellos ingería alimentos en un tiempo menor de 2 horas antes de dormir. El 91% continuaba trabajando posteriormente a sus guardias nocturnas, 74% no realizaba actividad física programada y 65% se percibía estresado. Conclusiones: Existió una relación de 74% de exceso de peso en los médicos residentes del HNDAC; sin embargo, no se encontró correlación significativa con el estilo de vida.

  10. La violencia física, psicológica, emocional y sexual durante el embarazo: riesgo reproductivo predictor de bajo peso al nacer en Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda Patricia Núñez-Rivas

    2003-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar la prevalencia de la violencia física, psicológica, emocional y sexual durante el embarazo y su asociación con el bajo peso al nacer. MÉTODOS: Se exploró la violencia sufrida por 118 embarazadas de la comunidad urbana marginal Finca San Juan, de Rincón Grande de Pavas, San José, Costa Rica, que dieron a luz entre septiembre de 1998 y noviembre de 1999. Se utilizó un cuestionario de preguntas cerradas previamente validado. Mediante un modelo de regresión lineal múltiple se ajustaron las diferencias entre las medias del peso de los recién nacidos según las características de la madre (edad, años de estudio, condición conyugal, deseo del embarazo, hábitos nocivos, número de embarazos y partos previos, intervalo intergenésico, estatura, aumento total de peso durante el embarazo y enfermedades durante la gestación. Se utilizó un modelo de regresión logística para medir el efecto directo de la violencia sobre el bajo peso al nacer, así como un método no paramétrico para calcular la fracción atribuible en las mujeres expuestas. RESULTADOS: Los niños de madres que sufrieron actos de violencia pesaron como promedio 449,4 g menos (P < 0,001 que los de las mujeres que no habían estado expuestas a actos de violencia. Las primeras presentaron un riesgo tres veces mayor de tener hijos con bajo peso al nacer que las segundas (IC95%: 1,39 a 8,10. Las variables que se asociaron más estrechamente con el bajo peso al nacer fueron la violencia sufrida por la madre (asociación directa y el aumento de peso de la madre durante la gestación (relación inversa. CONCLUSIONES: Los resultados obtenidos indican la necesidad de investigar el tema más profundamente, instruir al personal de salud sobre la violencia hacia las mujeres como factor de riesgo reproductivo y conformar grupos de expertos en este tema con el fin de desarrollar protocolos especializados para la identificación temprana de embarazadas sometidas a alg

  11. Relação entre excreção de creatinina e dieta, atividade física e volume urinário, em crianças de 5 -| 12 anos de idade Relationship between creatinine excretion, diet, physical activity and urinary volume in children 5 to 12 years of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignez Salas Martins

    1975-09-01

    Full Text Available Foi feito um estudo da excreção da creatinina e sua relação com a dieta, atividade física e volume urinário em indivíduos entre 5 -| 12 anos de idade, mantendo suas condições habituais de vida. A análise qualitativa da dieta mostrou que a possibilidade de ingestão de creatina e creatinina ocorreu na hora do almoço. No que se refere à atividade física, o período da manhã e o noturno foram de relativo repouso, concentrando-se as atividades físicas no período da tarde. Não houve diferença, estatisticamente, significante entre a excreção média de creatinina dos períodos da manhã e da tarde e também entre a excreção média dos períodos diurno e noturno, sugerindo, conseqüentemente, uma não relação entre dieta, atividade física e excreção de creatinina. Houve uma diferença estatisticamente significante entre o volume médio urinário do período diurno e o do período noturno, sugerindo com isso uma independência entre ele e a creatinina excretada. Encontrou-se, entretanto, uma correlação significante entre ambos que, possivelmente esteja ligada ao fato das amostras terem sido colhidas em épocas de frio intenso, em que os indivíduos ingerem pouco líquido, e conseqüentemente a urina estivesse com uma concentração elevada de seus diferentes constituintes.A study on the relationship between creatinine excretion and diet, physical activity and urinary volume was carried out on children from 5 to 12 years of age, observing usual life conditions. Qualitative analysis of diet revealed that possibly ingestion of creatine and creatinine ocurred with the noon meal. Regarding physical activity the data showed that the peak of activity occurred in the afternoon. The differences between average excretion of creatine corresponding to morning and afternoon periods were not statistically significant, the same being observed when diurnal and nocturnal averages of excretion were considered. On the other hand, the average

  12. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lerario Daniel D G

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  13. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel D G Lerario

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  14. Doença periodontal materna como fator associado ao baixo peso ao nascer Maternal periodontal disease as a factor associated with low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Seixas da Cruz

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudos recentes têm apresentado evidências de que a doença periodontal em gestantes pode ser um dos determinantes do baixo peso ao nascer. Realizou-se estudo para verificar a existência de associação entre doença periodontal materna e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo do tipo caso-controle com 302 mulheres, sendo 102 mães de nascidos vivos de baixo peso (grupo caso e 200 mães de nascidos vivos com peso normal (grupo controle. A existência de associação entre doença periodontal e baixo peso ao nascer foi avaliada mediante modelo multivariado de regressão logística, considerando outros fatores de risco para o baixo peso. RESULTADOS: Ambos os grupos de mães eram comparáveis no que se refere a idade, altura, peso pré-gestacional, tabagismo, alcoolismo, doenças prévias, estado civil, situação socioeconômica, número de escovações e uso de fio dental, número de refeições diárias, e visitas ao dentista. A doença periodontal foi diagnosticada em 57,8% das mães do grupo caso e 39,0% do grupo controle. A análise de regressão logística indicou associação positiva entre doença periodontal e baixo peso ao nascer (ORbruto=2,15; IC 95%: 1,32-3,48, especialmente entre as mães com escolaridade menor ou igual a quatro anos (ORajustada=3,98; IC 95%: 1,58-10,10. CONCLUSÕES: A doença periodontal é um possível fator de risco para o baixo peso ao nascer.OBJECTIVE: Recent studies have presented evidence that periodontal disease in pregnant women may be a determining factor for low birth weight. The present investigation was carried out to verify whether or not there is an association between maternal periodontal disease and low birth weight. METHODS: This was a case-control study on 302 women, of whom 102 were the mothers of live newborns of low weight (case group and 200 were the mothers of live newborns of normal birth weight (control group. The existence of an association between periodontal disease and low

  15. How many low birthweight babies in low- and middle-income countries are preterm? Cuantos de los recién nacidos de bajo peso de países emergentes son pre-término? Quantos dos recém-nascidos de baixo peso de países emergentes são pré-termo?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando C Barros

    2011-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the prevalence of preterm birth among low birthweight babies in low and middle-income countries. METHODS: Major databases (PubMed, LILACS, Google Scholar were searched for studies on the prevalence of term and preterm LBW babies with field work carried out after 1990 in low- and middle-income countries. Regression methods were used to model this proportion according to LBW prevalence levels. RESULTS: According to 47 studies from 27 low- and middle-income countries, approximately half of all LBW babies are preterm rather than one in three as assumed in studies previous to the 1990s. CONCLUSIONS: The estimate of a substantially higher number of LBW preterm babies has important policy implications in view of special health care needs of these infants. As for earlier projections, our findings are limited by the relative lack of population-based studies.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de recién nacidos pre-término entre los recién nacidos de bajo peso al nacer de países de renta media o baja. MÉTODOS: En consulta a bases de datos (PubMed, LILACS, Google Scholar fueron procurados estudios sobre la prevalencia de recién nacidos a término y pre-término entre aquellos de bajo peso al nacer conducidos posteriores a 1990 en países emergentes. Modelos de regresión fueron usados para evaluar la proporción de acuerdo con las prevalencias de bajo peso. RESULTADOS: Con base en 47 estudios de 27 países emergentes, aproximadamente la mitad de todos los recién nacidos con bajo peso serían prematuros, y no uno de cada tres, como se estimó en estudios anteriores a la década de 1990. CONCLUSIONES: La estimación de números sustancialmente más altos de prematuros con bajo peso tiene importantes consecuencias en la planificación de salud, ya que tales recién nacidos demandan cuidados especiales. Aún, los resultados son limitados por la falta de estudios poblacionales.OBJETIVO: Estimar a prevalência de recém-nascidos pr

  16. TESTE DE CAMINHADA DE SEIS MINUTOS: DESEMPENHO DE CRIANÇAS COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Unbehaun Cibinello

    Full Text Available RESUMO Introdução: O teste de caminhada de seis minutos (TC6' tem sido utilizado para avaliar a capacidade funcional do exercício em crianças. Objetivo: Comparar o desempenho no teste de caminhada de seis minutos em escolares na faixa etária entre 8 a 10 anos, conforme a classificação nutricional, com base em dois diferentes critérios. Métodos: A amostra de 226 crianças entre 8 a 10 anos foi dividida em três grupos (eutrófico, sobrepeso e obeso, de acordo com os critérios de classificação nutricional propostos pela Organização Mundial da Saúde (OMS e pela International Obesity Task Force (IOTF e avaliada por meio do teste de caminhada de seis minutos. Resultados: A prevalência de sobrepeso e obesidade na amostra foi de 42,48% de acordo com o critério da OMS e 38,94% pelo critério da IOTF. Não ocorreram diferenças estatisticamente significantes entre os grupos eutrófico, sobrepeso e obeso, quando os resultados do TC6' foram comparados, tanto na distância percorrida quanto no percentual do predito para a criança, de acordo com os valores de referência, e também de acordo com os dois critérios de classificação nutricional. A frequência cardíaca final do teste foi estatisticamente maior nos grupos sobrepeso e obeso, tanto pelo critério OMS (p = 0,0015, quanto pelo critério IOTF (p = 0,0160 . Conclusões: Na amostra estudada não houve diferença no desempenho do TC6' entre crianças eutróficas, com sobrepeso e obesas. Porém, a frequência cardíaca final do teste foi significantemente maior entre as crianças com excesso de peso. Os resultados ressaltam que medidas de prevenção, acompanhamento e tratamento são necessárias, promovendo hábitos saudáveis.

  17. El peso corporal y su influencia en la infertilidad femenina

    OpenAIRE

    Alonso Pérez, Andrea

    2017-01-01

    Las técnicas de reproducción asistida humana son cada vez más frecuentes debido al crecimiento de la tasa de infertilidad en nuestra sociedad. Una de las causas de este aumento en los problemas de fertilidad se debe a la adopción de malos hábitos de vida, incrementando así el número de personas con malnutrición, ya sea por exceso en el caso de la obesidad o por defecto en el caso de la anorexia. Tanto el sobrepeso o la obesidad como un peso por debajo de lo debido, tiene repercusiones en e...

  18. Immigration and Wage Dynamics: Evidence from the Mexican Peso Crisis

    OpenAIRE

    Monras , Joan

    2015-01-01

    How does the US labor market absorb low-skilled immigration? I address this question using the 1995 Mexican Peso Crisis, an exogenous push factor that raised Mexican migration to the US. In the short run, high-immigration states see their low-skilled labor force increase and native low-skilled wages decrease, with an implied local labor demand elasticity of -.7. Internal relocation dissipates this shock spatially. In the long run, the only lasting consequences are for low-skilled natives who ...

  19. Baixo peso ao nascer e obesidade: associação causal ou casual?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Monteiro Ribeiro

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Apresentar as bases conceituais que explicam como eventos na vida intrauterina podem influenciar o desenvolvimento corporal e enfatizar a interrelação entre baixo peso ao nascer e risco de obesidade ao longo da vida.Fontes de dados:Google Scholar, Scientific Electronic Libraty Online (SciELO, EBSCO, Scopus e PubMed foram as bases de dados. “Catch-up growth”, “lifecourse health”, “disease”, “child”, “development”, “early life”, “perinatal programming”, “epigenetics”, “breastfeeding”, “small baby syndrome”, “phenotype”, “micronutrients”, “maternal nutrition”, “obesity” e “adolescence” foram descritores isolados ou associados para localizar revisões, estudos epidemiológicos, de intervenção ou experimentais publicados entre 1934 e 2014, com textos integrais, em português e inglês. Excluíram-se duplicidades, editoriais, resenhas e abordagens de doença diferente da obesidade.Síntese dos dados:Nos 47 artigos selecionados dentre 538 elegíveis, identificaram-se as hipóteses do fenótipo poupador, dos mecanismos epigenéticos e da plasticidade do desenvolvimento como fundamentais para explicar mecanismos envolvidos na saúde e nas doenças durante a vida. Elas admitem a possibilidade de eventos cardiometabólicos e obesidade terem origem em deficiência intraútero de nutrientes que, associados a suprimento alimentar excessivo às necessidades metabólicas nas fases precoces da vida, provoca alterações endócrinas. Todavia pode haver reprogramação fenotípica que supere ambiente restritivo intrauterino para nascidos com baixo peso a partir de oferta nutricional adequada. Assim, o catch-up growth indicaria recuperação da restrição intrauterina e se associaria a benefícios em curto prazo ou prejuízos no adulto.Conclusões:Na dependência de adequação nutricional nos primeiros anos de vida, a plasticidade do desenvolvimento pode levar à reprogramação fenot

  20. Análise comparativa do peso específico dos tratores agrícolas fabricados no Brasil e seus efeitos sobre a seleção e uso

    OpenAIRE

    Schlosser José Fernando; Debiasi Henrique; Willes Jorge Alex; Machado Otávio Dias da C.

    2005-01-01

    O peso do trator influi diretamente na recomendação e no seu desempenho a campo. Esta variável é, muitas vezes, característica do fabricante, induzindo a necessidade de informações comparativas entre os modelos. O objetivo deste trabalho foi estudar os tratores agrícolas brasileiros no que se refere ao peso, visando obter dados que auxiliem na seleção e no seu uso adequado. O levantamento englobou 103 modelos de tratores comerciais das marcas Massey Ferguson, Agrale, New Holland, John Deere, ...

  1. Dificuldade de aprendizagem em escolares de muito baixo peso ao nascer Learning difficulties in schoolchildren born with very low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C. C. de Rodrigues

    2006-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar a associação entre muito baixo peso ao nascer e dificuldade de aprendizagem à idade escolar, através de revisão sistemática da literatura, identificando quais os padrões de dificuldade de aprendizagem nesses escolares, possíveis correlações cognitivas, singularidades nos extratos ponderais de muito baixo peso ao nascer e interferência de fatores socioeconômicos e clínicos nos resultados. FONTES DOS DADOS:Busca bibliográfica (MEDLINE, LILACS, Excerpta Medica, listas de referências de artigos originais, periódicos ligados ao tema, informações de experts da área e bancos de teses e dissertações, utilizando as palavras-chave: prematuridade/muito baixo peso ao nascer, dificuldade de aprendizagem/realização acadêmica/performance escolar, seguimento/resultados/coorte. SÍNTESE DOS DADOS: Com a busca, 114 artigos foram captados, e os 18 com adequação metodológica foram selecionados, abordando dificuldade de aprendizagem em escolares de muito baixo peso ao nascer. Observou-se pior desempenho acadêmico destes, quando toda a população de estudo era comparada aos nascidos a termo. A área mais acometida foi a matemática. O risco de evoluir com dificuldades de aprendizagem mostrou-se maior conforme diminuiu o peso ao nascer. Constatou-se associação entre muito baixo peso ao nascer e comprometimentos cognitivos. CONCLUSÕES:A abordagem sistemática corroborou os resultados obtidos de estudos da literatura: os escolares de muito baixo peso ao nascer apresentaram maior risco de dificuldades de aprendizagem quando comparados aos a termo. Predominou o acometimento de múltiplos domínios acadêmicos, sendo a matemática a área mais acometida. Observou-se um gradiente crescente de risco à medida que o peso ao nascer diminuía. Houve associação entre muito baixo peso ao nascer e comprometimento cognitivo.OBJECTIVES: To investigate the relationship between very low birth weight and learning difficulties at

  2. Factores de riesgo del bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernesto Rosell Juarte

    1996-06-01

    Full Text Available Se realizó una investigación de casos y controles en las mujeres que parieron niños con bajo peso, de los consultorios urbanos de médicos de la familia pertenecientes al Policlínico Comunitario Docente "Carlos J. Finlay" de Camagüey, durante el año 1994, con el objetivo de identificar los factores de riesgo biológico y socioeconómicos que con más frecuencia se asociaron; se estudiaron 32 "casos" y 53 "controles" de un universo de 521 nacidos vivos. Se demostró que la edad materna hasta 19 años y de 35 y más, la ganancia insuficiente de peso durante la gestación, el antecedente familiar de prematuridad, la amenaza de parto pretérmino y la ruptura prematura de las membranas, resultaron ser factores de riesgo, y esto no coincide con lo reportado por algunos autores en la evaluación de otros factores asociados.

  3. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.

  4. Risco nutricional entre gestantes adolescentes Riesgo nutricional entre gestantes adolescentes Nutritional risks among pregnant teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glayriann Oliveira Belarmino

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar o acometimento de risco nutricional em gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimentares; e verificar percepções destes quanto à importância de nutrição adequada na gravidez. MÉTODOS: Estudo de campo realizado no Centro de Desenvolvimento Familiar, em Fortaleza-CE, com 40 gestantes adolescentes. A avaliação nutricional foi efetuada com o auxílio do "Gráfico de acompanhamento nutricional da gestante" e os hábitos alimentares foram conferidos pela "Técnica de alimentação diária habitual". RESULTADOS: Vinte (50% adolescentes apresentaram peso adequado, 11(27,5% baixo peso e 9 (22,5% sobrepeso. Prevaleceram massas, carnes, gorduras, doces e baixo consumo de frutas e verduras; 33 (82,5% tinham a percepção de que a alimentação deve ser "diferente" na gravidez e 28 (70% afirmaram ter feito mudanças nos hábitos alimentares no pré-natal. CONCLUSÃO: O acometimento de risco nutricional entre adolescentes gestantes se revelou em situações de sobrepeso, baixo peso, dietas pouco diversificadas e desinformação.OBJETIVOS: Identificar el riesgo nutricional en gestantes adolescentes; averiguar hábitos alimenticios; y verificar percepciones de éstos en cuanto a la importancia de una nutrición adecuada en el embarazo. MÉTODO: Se trata de un estudio de campo realizado en el Centro de Desarrollo Familiar, en Fortaleza-CE, con 40 gestantes adolescentes. La evaluación nutricional se llevó a cabo con el auxilio del "Gráfico de acompañamiento nutricional de la gestante" y los hábitos alimenticios fueron conferidos por la "Técnica de alimentación diaria habitual". RESULTADOS: Veinte (50% adolescentes presentaron peso adecuado, 11(27,5% bajo peso y 9 (22,5% sobre peso. Prevalecieron pastas, carnes, grasas, dulces y bajo consumo de frutas y verduras; 33 (82,5% tenían la percepción de que la alimentación debe ser "diferente" durante el embarazo y 28 (70% afirmaron haber realizado cambios en los h

  5. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Souza Carneiro

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a prevalência de excesso de peso (EP e fatores associados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal realizado em escolas públicas e privadas de Goiânia (GO. Foram analisados adolescentes de 12 a 18 anos (n = 1.169 por meio de questionário padronizado. A prevalência de EP foi avaliada pelas curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde (OMS de Índice de Massa Corporal (IMC por idade. As associações entre as variáveis sociodemográficas, de antecedentes familiares de obesidade, de estilo de vida e de pressão arterial com o EP foram analisadas por intermédio da razão de prevalência bruta e ajustada por meio da regressão múltipla de Poisson. Resultados: A prevalência de EP foi de 21,2%, sendo 14,1% de sobrepeso e 7,1% de obesidade, com diferenças significativas entre gêneros (26,3% dos rapazes versus 16,8% das moças. Na análise de Poisson, a obesidade materna (RP = 1,86; p = 0,004 foi associada com a maior prevalência de EP no sexo masculino, e aqueles com idade entre 15 e 18 anos tiveram menor prevalência de EP quando comparados àqueles com idade entre 12 e 14 anos (RP = 0,70; p = 0,021. No sexo feminino, a presença de pais obesos (RP = 2,42; p < 0,001 associou-se a maior prevalência de EP, e as moças pertencentes à classe C tiveram menor prevalência de EP (RP = 0,67; p = 0,035. Conclusões: O EP em adolescentes esteve associado ao gênero, à obesidade familiar, e a melhor classificação socioeconômica - fatores que devem ser o foco do planejamento de intervenções específicas na promoção da saúde.

  6. Organiser la proximité entre usagers de l’eau : le cas de la Gestion Volumétrique dans le Bassin de la Charente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Céline Granjou

    2006-05-01

    Full Text Available Depuis les années 90 en Charente, la Gestion Volumétrique (GV vise à réduire les conflits liés au poids de l’irrigation sur la ressource en eau. Nous proposons ici de recourir au cadre d’analyse des proximités afin de formuler une évaluation sociologique du dispositif de gestion concertée de l’eau que constitue la GV. À partir d’entretiens auprès des acteurs de l’eau (irrigants, pêcheurs, riverains, acteurs du tourisme…, nous montrons que si la GV instaure une nouvelle proximité autour de règles d’organisation, celle-ci demeure asymétrique (privilégiant une proximité sectorielle autour de l’irrigation, instrumentale (absence d’un projet partagé de développement territorial, et enfin partielle au sens où n’est pas prise en compte la diversité des interdépendances de proximité autour de l’eau.Since the 90’s in the French region watered by the river Charente water resources have been weighed down with irrigation. In order to reduce conflicts which are linked to this situation, «Volumetric Management » introduces some new rules for irrigation practices including consultation. We propose to make a sociological assessment of the Volumetric Management basing on the notion of proximity with its different meanings. Several interviews with water users (farmers which use or don’t use water, fishers, residents, actors responsible for tourism… show that a new proximity due the share of organisation rules has been developed, but that this proximity is: asymmetric because it privileges links between partisans of irrigation; instrumental because it lacks a commune long-term vision of territorial development; at last partial because the different interdependencies induced by the same water resource are not considered.

  7. Aplicação de uma curva de ganho de peso para gestantes Application of a weight gain curve for pregnant women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1977-06-01

    Full Text Available Com a finalidade de estudar a influência do estado nutricional materno sobre o peso do recém-nascido, foi aplicado em 460 gestantes inscritas no Centro de Saúde Geraldo de Paula Souza o método antropométrico para o diagnóstico do estado nutricional de uma população de gestantes, pois este método é de fácil aplicação e não exige pessoal especializado. Parece existir uma relação positiva entre o peso pré-gestacional, o ganho de peso da gestante durante a gravidez, e o peso ao nascer do concepto, bem como a idade gestacior.al. Observou-se ainda que houve uma diferença de 296,7 gramas a mais no peso dos recém-nascidos de gestante com peso pré-gestacional adequado, que no grupo de gestante com peso pré-gestacional insuficiente. Em trabalhos anteriores descreveu-se a necessidade de se utilizar curvas ponderais para o diagnóstico do estado nutricional materno: a curva que ora se apresenta é mais simples que outras já descritas anteriormente. No momento está sendo testada para se avaliar a sua eficácia.The authors studied the influence of maternal nutrition on birth weight using anthropometric techniques because these methods are of low cost, and do not need specialized manpower for their application. In the 460 pregnant women attended at a prenatal care service, there was a positive relationship between pre-gestational weight gain during pregnancy, birth weight and gestational age. Babies born from mothers with adequate pre-gestational weight were 296.7 grammes heavier than those of women with insufficient weight. Anthropometric curves for the measurement of maternal weight have been simplified and now this new curve is being tested.

  8. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes de Florianópolis, SC Exceso de peso y calidad de vida relacionada con la salud en adolescentes de Florianópolis, Sur de Brasil Overweight and health-related quality of life in adolescents of Florianópolis, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Kunkel

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes e sua associação com o excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 467 adolescentes de 15 a 18 anos de idade de uma escola pública de Florianópolis, SC, e de seus respectivos pais, realizado em 2007. Sobrepeso e obesidade foram definidos pelo índice de massa corporal. A combinação de sobrepeso e obesidade foi considerada como excesso de peso. A qualidade de vida relacionada à saúde foi avaliada por meio do questionário sobre qualidade de vida pediátrica PedsQL 4.0, versões adolescente e pais. Análises dos dados incluíram estatística descritiva e regressão logística com estimação de razões de chances brutas e ajustadas. RESULTADOS: A taxa de resposta entre adolescentes foi de 99,4% e entre os pais 53,4%. As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 12,2% e 3,6%, respectivamente. O grupo com excesso de peso obteve menores escores de qualidade de vida que o grupo sem excesso de peso, exceto para o domínio emocional nos adolescentes e na saúde psicossocial para os pais. Após o ajuste, a chance de um adolescente com excesso de peso ter baixa qualidade de vida foi 3,54 vezes (IC 95% 1,94;6,47 maior que um adolescente sem excesso de peso. Adolescentes do sexo feminino apresentaram escores mais baixos de qualidade de vida. CONCLUSÕES: A qualidade de vida relacionada à saúde foi significativamente mais baixa em adolescentes com excesso de peso. Medidas dirigidas ao controle de peso na população adolescente e instrumentos de avaliação de qualidade de vida constituem-se importantes aliados para um melhor e mais completo entendimento deste importante problema de saúde pública.OBJETIVO: Evaluar la calidad de vida relacionada con la salud de adolescentes y su asociación con exceso de peso. MÉTODOS: Estudio transversal con 467 adolescentes de 15 a 18 años de edad de una escuela pública de Florianópolis, Sur de Brasil, y de sus

  9. Satisfação com o peso corporal e fatores associados em estudantes do ensino médio Satisfacción con el peso corporal y factores asociados en estudiantes de secundaria Body satisfaction and associated factors among high school students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduila Maria C. Santos

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a satisfação corporal em estudantes e possíveis associações ao estado nutricional, fatores sociodemográficos, estilo de vida e percepção de saúde. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com estudantes de 15 a 20 anos de idade de escolas públicas do município de Caruaru (PE. Foram avaliadas variáveis antropométricas, sociodemográficas, de estilo de vida e percepção de saúde, sono, estresse e imagem corporal. Utilizou-se o índice de massa corporal por gênero e idade para diagnosticar baixo peso, eutrofia e excesso de peso, segundo o critério o Conde e Monteiro (2006. Na análise multivariada, recorreu-se à regressão logística binária, adotando-se a ocorrência de "insatisfação pela magreza" e de "insatisfação pelo excesso" como desfechos. RESULTADOs: Amostra composta por 594 estudantes (62% moças, com idade média de 17,5±1,6 anos. Uma proporção de 38,7% (IC95% 34,8-42,7 afirmou estar satisfeito com o peso corporal, enquanto 31,3% (IC95% 27,6-35,2 gosta-riam de aumentar e 30,0% (IC95% 26,3-33,8 de reduzir o peso. Estudantes satisfeitos com o peso corporal consumiam pelo menos cinco porções de vegetais/dia, possuíam percepção positiva de sono e realizavam três ou mais refeições/ dia. Rapazes e indivíduos com baixo peso apresentaram o desejo de aumentar o peso, enquanto moças, estudantes que realizavam menos de três refeições/dia, com maior renda e excesso de peso gostariam de reduzi-lo. Entre os rapazes que gostariam de aumentar o peso, 13,5% apresentavam excesso de peso e 18,8% das moças que queriam reduzir o peso estavam com baixo peso. CONCLUSÕES: Há necessidade de realizar medidas pre-ventivas que visem esclarecer sobre a cultura do corpo e o risco de danos à saúde, conduzidas de forma independente para cada sexo.OBJETIVO: Investigar la satisfacción corporal en estudiantes y posibles asociaciones con el estado nutricional, factores socio demográficos, estilo de vida y

  10. Análisis multifactorial de los factores de riesgo de bajo peso al nacer en Salvador, Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solla Jorge José Santos Pereira

    1997-01-01

    Full Text Available El presente estudio constituye un análisis multifactorial de los factores de riesgo de bajo peso al nacer en un grupo de recién nacidos en una zona urbana del Brasil. Se incluyeron en el estudio un total de 1 023 nacidos vivos, dados a luz en cuatro maternidades de Salvador, Bahia, entre julio de 1987 y febrero de 1988. Las fuentes de información fueron las historias clínicas y las entrevistas con las madres en la maternidad. El análisis se realizó mediante regresión logística. En el modelo final los factores de riesgo incluidos fueron los siguientes: edad materna menos de 21 años o más de 35; edad gestacional menos de 38 semanas; resultado desfavorable del embarazo anterior; intervalo intergenésico previo de 12 meses o menos; tabaquismo; e hipertensión. Se presentan los valores del riesgo atribuible poblacional para los factores de riesgo incluidos en el modelo final. Esos factores deben emplearse para detectar a las gestantes con alto riesgo de dar a luz un niño de bajo peso, a las que debe brindarse mayor atención prenatal.

  11. Bajo peso al nacer y embarazo en la adolescencia en cinco consultorios del médico de la familia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramón Pérez Queda

    1995-06-01

    Full Text Available Se realizó un estudio de 120 embarazadas en un área de 5 consultorios del médico de la familia en un período que comprendió de enero de 1987 a enero de 1990; de ellas, 56 eran menores de 20 años para el 46,6 %. Se realizó un estudio comparativo entre éstas y las gestantes de más de 20 años de edad, y se observó que las adolescentes presentaron mayor número de recién nacidos con bajo peso (88 % y partos pretérminos. El consumo del tabaco y la desnutrición materna fueron factores importantes que se añadieron a la adolescencia en el resultado del bajo peso al nacer.A study was performed on 120 pregnant women in an area of 5 medical offices of the Family Doctor plan from January 1987 to January 1990. Of them 56 were under 20 years of age accounting for 46,6 %. A comparative study was carried out between this group and pregnant women over 20 years, and it was observed that teenagers had a greater number of low birth weight infants (88 % and preterm deliveries. Smoking and maternal malnutrition were considered as very important factors in addition to adolescence for low birth weight.

  12. Redução do dispêndio energético e excesso de peso corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frutuoso Maria Fernanda Petroli

    2003-01-01

    Full Text Available A contemporânea redução no dispêndio energético apresenta-se como fator determinante da atual epidemia de obesidade observada em centros urbanos. Em adolescentes esta modificação intensifica-se quando associada a atividades passivas de lazer, como assistir televisão, brincar com jogos eletrônicos e usar a Internet. Este trabalho procurou analisar a inatividade física e a influência da televisão na prática alimentar de adolescentes, aspectos preditivos ao excesso de peso. Participaram deste estudo 155 indivíduos com média de 11,5 ± 1,43 anos de idade. Os diagnósticos de sobrepeso e obesidade basearam-se no índice de massa corporal para adolescentes. Foram detectadas associações estatisticamente significativas entre apresentar sobrepeso e obesidade e praticar atividades passivas e consumir alimentos em frente à televisão para ambos os sexos. Estes achados mostraram que a inatividade física, associada ao aumento no consumo de alimentos energéticos enquanto assistem televisão ou em decorrência da influência de comerciais de produtos alimentícios por ela veiculados, representa um dos fatores determinantes para o desenvolvimento de peso corporal excessivo durante a adolescência.

  13. Baixo peso ao nascer em município da região sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Queiroz de Souza Mendes

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar a prevalência de baixo peso ao nascer no município de São Paulo. Método: estudo epidemiológico do tipo transversal, a partir de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos, referentes aos nascimentos ocorridos no município de São Paulo, nos anos entre 2007 - 2013. As variáveis maternas, gestacionais, do parto e neonatais foram analisadas descritivamente e por associação. Resultados: do total de nascidos vivos (1.342.655, 9,65% apresentaram baixo peso (média de 3234,55 gramas no grupo a termo e 2312,17 no grupo pré-termo e média de idade materna de 27,53 anos. Os fatores de riscos identificados incluem idade materna, ausência de companheiro, baixo nível de escolaridade materno, raça não branca; gestação pré-termo, gemelaridade, baixo número de consultas no pré-natal e parto cesáreo. Conclusão: o conhecimento destas evidências favorece o planejamento da assistência com a definição de estratégias para sua redução e consequentemente melhoria na atenção à saúde materno infantil.

  14. Escores de cloaca e de crista e morfometria testicular em galos de matriz pesada com 71 semanas de idade e três categorias de peso corporal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.A. Rezende

    2014-04-01

    Full Text Available Em galos de matriz pesada, o peso dos testículos se associa positivamente com a produção diária de espermatozoides e com a fertilidade. Contudo, os testículos de aves se localizam na cavidade abdominal, não sendo acessíveis para exame andrológico como os testículos de mamíferos. A avaliação reprodutiva de galos de matriz pesada é subjetiva e se baseia em características como peso corporal (PC, qualidade de pés e pernas e morfologia de cloaca e crista. Estudos que validem o potencial de associação dessas características fenotípicas com parâmetros da morfometria testicular são raros, principalmente quando se consideram galos de matriz pesada manejados em lotes comerciais. Escores de cloaca e de crista e parâmetros da morfometria testicular foram avaliados em galos Cobb 500 Slow adultos das categorias de PC leve (<4,300kg, médio (entre 4,300 e 5,250kg e pesado (≥5,250kg. O coeficiente de variação para PC foi de 12%. Os galos da categoria de PC pesado apresentaram testículos mais pesados e maiores escores de cloaca e de crista do que os galos da categoria de PC leve. Não houve diferença estatística entre as categorias de PC, considerando-se índice gonadossomático, porcentagens de túbulo seminífero e de tecido intersticial, diâmetro de túbulo seminífero e altura de epitélio seminífero. Correlação positiva, moderada e significativa foi observada entre peso de testículo e características de PC, escores de cloaca e de crista, diâmetro de túbulo seminífero e altura de epitélio seminífero. Um dos seis galos da categoria de PC leve avaliados quanto à histologia de testículo apresentou atrofia testicular. Em galos Cobb 500 Slow, conclui-se que o PC influencia o peso e a qualidade histológica de testículos e que os escores de cloaca e de crista podem ser utilizados com potencial moderado de predição para identificar galos com baixo peso de testículos.

  15. Factores de riesgo en el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Díaz Alonso

    1995-06-01

    Full Text Available Se realizó un estudio retrospectivo de tipo caso control en el área del Policlínico Docente "Luis A. Turcios Lima" del municipio 10 de Octubre durante el período de 1990 a 1993, con el objetivo de identificar el comportamiento del bajo peso al nacer, establecer la existencia y la intensidad de esta entidad con los factores de riesgo seleccionados, e identificar el grado de influencia individual de dichos factores. La muestra quedó conformada por 92 recién nacidos de bajo peso y 468 con normopeso. Las variables estudiadas fueron la edad materna, la valoración ponderal, las complicaciones obstétricas, las enfermedades asociadas con la gestación, el hábito de fumar y el período intergenésico. Se aplicó el test chi-cuadrado, el odds- -ratio y el de riesgo atribuible en los nacimientos expuestos y en la población total. Todas las variables estuvieron asociadas significativamente con el bajo peso al nacer, y fueron identificadas como factores de riesgo con influencia marcada: la edad materna de 35 años o más, la amenaza de parto prematuro, la rotura prematura de membranas, la toxemia y la diabetes mellitus; con efecto moderado, el bajo peso materno, un período intergenésico menor de 1 año, la hipertensión arterial, el asma bronquial, el hábito de fumar, la sepsis urinaria, y con influencia ligera, la edad materna inferior a los 20 años.A case-control retrospective study was carried out at "Luis A. Turcios Lima" Teaching Polyclinics form 10 de Octubre municipality during the period of 1990-1993, with the aim of identifying the behaviour of low birth weight, establishing the occurrence and intensity of this entity with selected risk factors, and identifying the degree of individual influence of such factors. The sample consisted of 92 low birth weight infants and 468 with normal weight. Variables studied were: maternal age, weight appraisal, and obstetric complications, diseases associated with pregnancy, smoking habit, and the

  16. Caracterización de neonatos con peso inferior a 2000 g Characterization of newborns with a birth weight under 2000 g

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odalys Martín Blanco

    2008-09-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. Los niños con bajo peso al nacer son 20 veces más propensos a morir y presentan mayor morbilidad que los nacidos con buen peso. El objetivo de la presente investigación fue caracterizar a los recién nacidos con peso inferior a 2000 g, nacidos entre el 1ro. de enero del 2005 y el 31 de diciembre del 2006 en el Hospital Universitario "América Arias". MÉTODOS. Se realizó un estudio observacional, descriptivo-analítico, longitudinal y prospectivo, cuyo universo fueron los neonatos con peso inferior a 2000 g, nacidos en este período. En el análisis estadístico se utilizó la distribución de frecuencias, la media y la desviación estándar de la ganancia de peso, la talla, y las circunferencias cefálica y braquial. RESULTADOS. El 96,16 % de los pacientes estudiados nacieron con peso entre 1000 y 1999 g. El 93,27 % estuvo por debajo de las 36,6 semanas de gestación y en el 75,96 % de los casos el parto fue distócico. El 61,54 % de los neonatos tuvo peso adecuado para su edad gestacional. Predominaron los pacientes con factores de riesgo asociados. Más de la mitad presentó morbilidad asociada, principalmente por sepsis (25,96 %. Falleció el 10,58 % de los recién nacidos. CONCLUSIONES. Las principales causas del bajo peso de los recién nacidos fueron el embarazo múltiple y la enfermedad hipertensiva de la gestación. Las defunciones se comportaron por debajo de lo esperado. En los pacientes con crecimiento intrauterino retardado simétricos, la ganancia de peso y talla al alta fue significativamente mayor que en los asimétricos y adecuados para su edad gestacional.INTRODUCTION. Children with low birth weight are 20 times more prone to die and to have a greater morbidity than those with an adequate weight. The objective of this research was to characterize the newborn infants with a weight lower than 2000 g that were born between January 1st, 2005 and December 31st , 2006 in "America Arias" Children Hospital. METHODS

  17. EL PESO DE LOS NIÑOS Y ADOLESCENTES Y EL RENDIMIENTO ESCOLAR EN MÉXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelly Aguilera

    2011-01-01

    Full Text Available La incidencia de sobrepeso y obesidad está aumentando en todo el mundo, lo queestimula un programa de investigación enfocado en comprender sus causas, con-secuencias y las mejores políticas públicas para hacer frente al problema. Desafor-tunadamente, en la actualidad se conoce muy poco acerca de la relación entre so-brepeso-obesidad y el rendimiento escolar e intelectual. Esto es muy problemáticoya que, en ausencia de datos adecuados, las políticas públicas no pueden adaptarsecon éxito a situaciones específicas. Este artículo contribuye a cerrar la brecha en lainvestigación al analizar la asociación entre el peso y las tasas de deserción escolar,la repetición del año y el rezago escolar en niños de 12 a 14 años y adolescentes de15 a 18 años. Como tal, es el primer estudio que trata este tema en México. Loshallazgos sugieren que no existe una relación clara entre sobrepeso-obesidad y elrendimiento escolar, ya que el sobrepeso y la obesidad no tienen efectos en algunasvariables y tienen efectos negativos en otras.

  18. Polisomnografía neonatal en recién nacidos con peso al nacer inferior a 1 500 gramos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yolma Ruiz Tellechea

    2000-06-01

    Full Text Available Se evaluó la utilidad de la polisomnografía neonatal en 64 recién nacidos con peso al nacer inferior a 1 500 g, nacidos en el Hospital Ginecoobstétrico "Ramón González Coro", en el período comprendido entre octubre de 1988 y agosto de 1994. Se estudió la utilidad de la polisomnografía en la evaluación neurológica del recién nacido de muy bajo peso, también la utilidad de los estudios electroencefalográficos de seguimiento, así como se determinó la relación del polisomnograma con las causas de defunción neonatal. En este grupo de riesgo el polisomnograma al término resultó ser un buen indicador del estado anatomofuncional del sistema nervioso central en el período de recién nacido; quedó demostrada la utilidad del estudio electroencefalográfico de seguimiento y la existencia de una significativa relación entre la polisomnografía y las lesiones anatomopatológicas halladas en recién nacidos de muy bajo peso fallecidos.The usefulness of neonatal polysomnography was assessed in 64 infants weighing under 1 5000 at birth and born at "Ramón González Coro" Gynecologic and Obstetric Hospital from October 1988 to August 1994. The usefulness of this technique for neurologically evaluating very low birth weight neonates and the benefits of followup electroencephalographic studies were studied as well as the association of polysomnography with neonatal mortality was determined. In this risk group, polysomnogram on term pregnancy was a good indicator of the anatomofunctional status of the central nervous system in the neonatal period. The benefits of follow-up electroencephalographic study and the existence of a significant relationship between polysomnography and anatomopathological lesions found in dead very low birth weight infants were proved.

  19. METODOLOGÍAS Y EFECTOS DE LAS CAÍDAS DE PESO EN LUCHA OLÍMPICA: UNA REVISIÓN

    OpenAIRE

    Jesús García-Pallarés; Ernesto de la Cruz; María Dolores Torres-Bonete; Xabier Muriel; Arturo Díaz Suárez

    2011-01-01

    ResumenLa Lucha fue un deporte fundamental en los Juegos Olímpicos antiguos y todavía hoy sigue siendo una de las modalidades más populares en el Juegos Olímpico modernos. Actualmente, la Lucha Olímpica es un deporte de combate basado en un sistema de categorías por pesos que trata de equilibrar el potencial físico entre rivales, y por consiguiente aumentar el porcentaje del rendimiento que depende de las habilidades técnico-tácticas y psicológicas que cada luchador demuestra sobre el tapiz. ...

  20. Baixo peso ao nascer e proficiência motora em crianças: uma revisão sistemática

    OpenAIRE

    Siqueira, Aline Kety Maria de; Leandro, Carol Góis

    2012-01-01

    O objetivo deste trabalho foi analisar estudos que associam o baixo peso ao nascer e a proficiência motora em crianças com idade entre um e dez anos. A revisão sistemática da literatura foi realizada em base de dados eletrônica e lista de referência dos artigos publicados. Foram utilizados os seguintes descritores na língua inglesa: "infant low birth weight", "infant very low birth weight", "infant extremely low birth weight", "motor skills", "psychomotor performance", "child development", "h...

  1. Caracterización de los recién nacidos extremadamente bajo peso en el hospital “Ernesto Guevara de la Serna”, 2007- 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Pequeño Rondón

    2015-11-01

    Full Text Available Se realizó un estudio  de tipo descriptivo, longitudinal, con el objetivo de caracterizar clínico-epidemiológicamente  a los recién nacidos extremadamente bajo peso al nacer, en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales del Hospital General Docente “Dr. Ernesto Guevara de la Serna”, en el periodo comprendido desde enero 2007hasta diciembre 2010. El universo estuvo constituido por 17517 nacidos vivos, tomándose como muestra 36 recién nacidos prematuros extremos. La información se obtuvo de los expedientes clínicos de los recién nacidos pretérminos y del libro de morbilidad de la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales. Se concluyó que el índice de extremos bajo peso en nuestra maternidad estuvo en 0,2%, la causa más frecuente de ingreso en la unidad de Cuidados Intensivos Neonatales fue el síndrome de dificultad respiratoria, el peso que predominó fue entre 900 y 999 gramos, prevaleció el recién nacido prematuro extremo de 27 semanas y más, predominó el sexo masculino. Se hicieron recomendaciones al respecto.

  2. Selección masal por peso y coloración en tilapia roja Mass selection by weight and coloration in red tilapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Alejandra Ruiz Peña

    2009-04-01

    Full Text Available Para evaluar la efectividad de la selección masal por color y peso se analizaron dos generaciones (G1 y G2 de alevinos de tilapia roja Oreochromis sp. De 40.000 larvas a la sexta semana se eliminaron los alevinos manchados y blancos y a las 14 semanas se separaron por sexos. Se midió el peso (g, la longitud total (cm, la altura (cm y el ancho (cm de 150 individuos a las 6, 14 y 24 semanas de edad. En la semana 24 se escogieron 150 machos y 450 hembras con las coloraciones deseables y mayor peso. La selección resultó efectiva para coloración en G2, puesto que la proporción de individuos rojos se incrementó en 15% con respecto a los testigos. Entre generaciones (G1 y G2 el efecto de la selección fue positivo, debido a que la proporción de rojos se incrementó de 64% a 84% y se redujo la de manchados de 31% a 13%. En ambas generaciones los machos fueron significativamente más pesados que las hembras. Se encontraron notables diferencias entre generaciones para peso y talla, puesto que los selectos superaron al control en 27% y 8% (G1 y en 22% y 11% (G2 para el peso y la talla, respectivamente.In order to evaluate the effectiveness of mass selection by color and weight, two generations (G1 y G2 of red tilapia Oreochromis sp. were analyzed. 40000 larvae were used, at the sixth week fries with black spots and white were eliminated, and at week 14, the fishes were separated by sex. The weight (g, length, height and width (cm were measured in a sample of 150 individuals at 6, 14 and 24 weeks. At week 24, the best 150 males and 450 females with desirable colorations and higher weight were chosen. The selection was effective for coloration in G2, because proportion of red individuals increased in 15% compared to the control. The effect of the selection between generations (G1 y G2 was positive because proportion of red fries increased from 64% to 84%, and the spotted ones were reduced from 31% to 13%. In both generations males were significantly

  3. Algunos factores de riesgo asociados al recién nacido con bajo peso Some risk factors associated with the low birth weight infant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nora María Pérez Guirado

    2005-08-01

    Full Text Available Se realizó un estudio observacional, analítico y con un modelo de diseño del tipo de casos y controles de toda las mujeres pertenecientes al área de salud del Policlínico Docente "Bernardo Posse", en el municipio San Miguel del Padrón, que tuvieron un recién nacido con un peso inferior a los 2 500 g en el período comprendido entre los años 1995 y 2004, conformada así la muestra estudio. De forma aleatoria se conformó un grupo control de mujeres con recién nacidos con peso superior o igual a los 2 500 g. Se aplicaron test estadísticos para la determinación del riesgo relativo, el Chi cuadrado y el intervalo de confianza del riesgo relativo de cada factor. En esta investigación quedó demostrado que la edad mayor de 35 años, la anemia, la urosepsis, la hipertensión arterial y las modificaciones cervicales son, entre otros, los antecedentes y riesgos que con más frecuencia aportaron a este indicador en nuestra área de salud. Se observó también la incidencia de los problemas nutricionales relacionados con la ganancia total de peso menor de 8 kg, la valoración nutricional de bajo peso, y el antecedente de recién nacido bajo peso al nacer.An observational analytical case and control study was conducted among all women from the health area of "Bernardo Posse" Teaching Polyclinic, in the municipality of San Miguel del Padrón, that had children with a weight under 2 500 g between 1995 and 2004 (study group. A control group composed of women with newborns with a weight equal to or over 2 500 g was selected at random. Statistical tests, such as Chi square test and the confidence interval of the relative risk of every factor, were applied to determine the relative risk. It was proved in this research that age over 35, anemia, urosepsis, arterial hypertension and the cervical modifications are, among others, the antecedents and risks that influenced the most on this indicator in our health area. It was also observed the incidence of

  4. A simple idea for reducing the cost and weight of plaster-cast orthoses Uma ideia simples para diminuir custo e peso das talas gessadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Esmanhotto

    2013-01-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To reduce the cost and weight of plaster molded orthosis (increasing patient comfort, keeping the same resistance. METHODS: 22 plaster orthosis were analysed, 11 with conventional shape and 11 with pyramidal shape. It was compared, in theory (mathematcally and practice, the change of weight (and consequently cost and flexion resistance between conventional shape and pyramidal shape. RESULTS: Theorical analysis: weight and cost decrease of 26.7%-38.9%, according to the layers disposition of the cast. Laboratorial analysis: cast´s weight decrease of 34.5% (p = 0.000005 and resistance increase of 26.7% (p = 0.03. CONCLUSION: plaster molded orthosis made in a pyramidal shape, have a statistically significant decrease of weight (and consequently cost and statistically significant increase of resistance if compared with traditional shape. OBJETIVO: Diminuir o custo e o peso (aumentando o conforto para o paciente das talas gessadas, mantendo resistência semelhante. MÉTODOS: Foram analisadas 22 talas de gesso, 11 com formato convencional e 11 com formato piramidal. Foi feita comparação, teórica (matemática e prática, entre as talas convencionais e as piramidais quanto à mudança de peso (e consequentemente de custo e à resistência à flexão. RESULTADOS: Análise matemática – diminuição peso e custo entre 26,7% e 38,9%, variando conforme a disposição das camadas da tala. Análise prática – diminuição do peso em 34,5% (p = 0,000005 e resistência aumentada em 26,7% (p = 0,03. CONCLUSÃO: A tala gessada com formato piramidal apresenta diminuição estatisticamente significativa de peso (e consequentemente de custo, com aumento estatisticamente significativo da resistência, se comparada à tala de formato convencional.

  5. DADOS DE UMA PROVA DE GANHO DE PESO PARA SELEÇÃO DE REPRODUTORES BOVINOS DE CORTE FEEDING-TEST DATA FOR BEEF CATTLE BULLS SELECTION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Magno Pato

    2007-09-01

    Full Text Available

    O presente trabalho foi realizado em Goiânia - Goiás e teve como objetivos iniciar a seleção de reprodutores através do "feeding-test" e verificar possíveis diferenças de ganhos em peso e pesos finais entre as raças Gir e Nelore. Foram utilizados 48 bezerros controlados e submetidos às mesmas condições de manejo e alimentação: 50% de milho desintegrado (espiga inteira, 25% de fubá de milho, 20% de farelo de algodão e 5% de feno de alfafa. O experimento durou 140 dias e demonstrou que, em termos de ganho e velocidade de ganho em peso, 50% dos animais estavam aptos para a reprodução. Observou-se que existem grandes diferenças de pesos e ganhos em peso tanto dentro quanto entre as raças. Os animais da raça Nelore superam os da raça Gir em peso inicial (198,4 x 178,9 kg, ganho em peso (114,3 x 104,9 kg, mas a significância estatística só foi atingida para os pesos finais. Outras provas deverão ser realizadas, corrigindo-se as falhas aqui apontadas, e trarão certamente melhores informações.

    The present work was carried out in Goiânia - Goiás with the objectives to start in selection of bulls through weights differences between Gir and Nelore breeds. Forty-eight controlled calves were used and submitted to the same conditions of control and feeding: 50% ground snapped corn, 25% corn meal, 20% cottonseed meal and 5% alfafa hay. The experiment lasted 140 days and showed that gain wise and speed gain weights, 60% of the animals was qualified to the reproduction. It was observed that great differences exist in weights and weight gains as in as much as between breeds. The animals of the Nelore’s breed surpass those of the Gir’s breed in initial weight (198.4 versus 178.9 kg, weight gain (114.3 versus 104.9 kg, final weight (312.7 versus 283.8 kg and adusted final weight (312.9 versus 283

  6. Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto Influencia del consumo alimentario en la gestación sobre la retención de peso post-parto Influence of dietary intake during gestation on postpartum weight retention

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bortoletto Martins

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas foi usado para avaliar o consumo alimentar e foi aplicado nos três trimestres da gestação. Foi calculado o consumo médio de gordura saturada, fibras, açúcar adicionado, refrigerantes, alimentos processados, frutas, verduras e legumes, e a densidade energética da dieta. A retenção de peso foi obtida pela diferença entre a medida de peso pós-parto e a primeira medida realizada. A influência da alimentação sobre a retenção de peso pós-parto foi avaliada por meio de análise de regressão linear múltipla e foi realizado o teste para tendência linear. As variáveis utilizadas para ajuste do modelo foram: índice de massa corporal no início da gestação, estatura, renda familiar per capita, tabagismo, idade e escolaridade. RESULTADOS: O índice de massa corporal inicial médio foi de 24 kg/m² e a retenção média de peso foi de 1,9 kg. O aumento do consumo de gordura saturada (p = 0,005 e alimentos processados (p = 0,014 elevou de forma significativa a retenção de peso pós-parto, após ajuste pelas variáveis de controle. As demais variáveis de consumo alimentar não apresentaram relação significativa com a variável desfecho. CONCLUSÕES: O maior consumo de alimentos não saudáveis, como alimentos processados, e de gordura saturada influencia a elevação da retenção de peso pós-parto.OBJETIVO: Evaluar la influencia de la alimentación durante la gestación sobre la retención de peso post-parto. MÉTODOS: Fueron acompañadas 82

  7. Plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco

    OpenAIRE

    Pozueta Romero, Javier; Alonso Casajús, Nora; Muñoz Pérez, Francisco José; Baroja-Fernández, Edurne

    2007-01-01

    Plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco. La presente invención proporciona plantas transgénicas con alto rendimiento en peso seco y almidón cuyos órganos de reserva presentan elevada textura, elevado contenido en almidón y elevado rendimiento en peso seco.

  8. METODOLOGÍAS Y EFECTOS DE LAS CAÍDAS DE PESO EN LUCHA OLÍMPICA: UNA REVISIÓN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús García-Pallarés

    2011-03-01

    Full Text Available ResumenLa Lucha fue un deporte fundamental en los Juegos Olímpicos antiguos y todavía hoy sigue siendo una de las modalidades más populares en el Juegos Olímpico modernos. Actualmente, la Lucha Olímpica es un deporte de combate basado en un sistema de categorías por pesos que trata de equilibrar el potencial físico entre rivales, y por consiguiente aumentar el porcentaje del rendimiento que depende de las habilidades técnico-tácticas y psicológicas que cada luchador demuestra sobre el tapiz. Este sistema de categorías por peso obliga a todos los luchadores a cumplir o "dar el peso" unas pocas horas antes del comienzo del torneo, por lo que a lo largo de las últimas décadas los luchadores han puesto en práctica numerosas estrategias y metodologías de reducción de la masa corporal de cara a este pesaje oficial. En esta revisión se describirán pormenorizadamente estas metodologías de pérdida abrupta de masa corporal, así como los efectos que estas estrategias tienen sobre el rendimiento físico de los luchadores. Igualmente, y en base a evidencias científicas, se realizarán propuestas de adecuación y actualización de este reglamento oficial, considerado por la mayor parte de los científicos y técnicos relacionados con esta modalidad como parcialmente desfasado y en ocasiones irracional.Palabras Clave: pérdida de peso; libre olímpica, grecorromana, combate

  9. La enfermedad periodontal como factor de riesgo de parto pretérmino y de bajo peso al nacer en el Hospital Nacional Cayetano Heredia 2002-2003.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christian Alberto Lizarraga Marroquin

    2005-07-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar la relación entre parto pretérmino (PP y de bajo peso (BP al nacer (PPBP y la enfermedad periodontal (EP materna. Materiales y Métodos: Estudio tipo casos y controles de 156 madres, 53 casos (madres de bebés con PPBP y 103 controles (bebés de madres nacidos con >37 semanas y más de 2 500g. Se interrogó a las madres y se revisó las historias clínicas, se registraron datos como: grado de instrucción, estado civil, hábitos de fumar, alcohol, drogas y otros factores de riesgo conocidos. Un solo examinador calibrado registró los indicadores periodontales: profundidad al sondaje, nivel de inserción clínica, sangrado al sondaje y presencia de placa. El análisis se hizo con técnicas de estratificación o regresión logística. Resultados: Los niños pretérminos con y sin bajo peso y a término con bajo peso tienen poco más del doble de probabilidad de tener madres con pérdida de nivel de inserción clínica OR 2,14 (IC 95% 1,24-3,68. Hay asociación de PPBP con la pérdida del nivel de inserción clínica, controlando por peso materno, número de controles prenatales y antecedentes de hijos con BP al nacer. Conclusión: La enfermedad periodontal es un factor de riesgo independiente y potencial de PPBP (Rev Med Hered 2005;16:172-177.

  10. Effects of larval crowding on development time, survival and weight at metamorphosis in Aedes aegypti (Diptera: Culicidae Efectos del hacinamiento larval en el tiempo de desarrollo, la supervivencia y el peso en la metamorfosis de Aedes aegypti (Diptera: Culicidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Maciá

    2009-06-01

    Full Text Available The effects of larval crowding on survival, weight at metamorphosis and development time were assessed in the dengue mosquito, Aedes aegypti L., under a controlled environment. Larval cohorts were bred at 7 different densities (4, 8, 16, 32, 64, 128 and 256 larvae / 175 ml pot, while keeping constant water volume and food amount and quality, under controlled temperature and photoperiod. Natural detritus, mainly leaves, obtained from containers naturally colonized by A. aegypti, were used as a source of nutrients for larvae. Development time, mortality, mass at metamorphosis, and total biomass were recorded for each density. Development time ranged from 4 to 23 days in males, and from 5 to 24 in females, whereby larvae took longer to develop at 64 (females and 128 (males larvae per recipient. At high densities there was a male-biased sex proportion. At densities equal to or higher than 0.4 larvae/ml (0.32 larvae/cm² there was an increase of mortality. An inverse relationship between larval density and pupal weight was detected. Biomass per individual reached asymptotic values of about 1 mg/individual at a density of 128 individuals/pot (0.64 larvae/cm². This experiment shows that this southern strain of A. aegypti is sensitive to crowding in small containers.Los efectos del hacinamiento larval sobre el tiempo de desarrollo, la supervivencia y el peso en la metamorfosis fueron estudiados en el mosquito del dengue, Aedes aegypti L., en el laboratorio. Se criaron cohortes de larvas en 7 densidades (4, 8, 16, 32, 64, 128 y 256 larvas/ recipiente de 175 ml mientras se mantuvo constante el volumen de agua y la calidad y cantidad de alimento, bajo fotoperíodo y temperatura controlados. Se usaron detritos naturales, principalmente hojas, obtenidos de contenedores colonizados naturalmente por A. aegypti como fuente de nutrientes para las larvas. En cada densidad se registraron el tiempo de desarrollo, la mortalidad, el peso en la metamorfosis y la

  11. Factores maternos y bajo peso al nacer, Bahía Honda Maternal factors and low-weight at birth, Bahia Honda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xiomara Elsa Martínez Argudín

    2011-03-01

    Full Text Available Introducción: el bajo peso al nacer ha constituido un enigma para la ciencia a través de los tiempos. Objetivo: realizar una evaluación de algunos de los factores de riesgo maternos asociados al bajo peso al nacer en el municipio Bahía Honda durante el período de enero 2006-junio 2009.Métodos: se realizó un estudio observacional, descriptivo y transversal. Este permitió hacer una caracterización de las gestantes, cuyo producto fueron los niños con bajo peso al nacer. Se aplicó una encuesta tipo planilla de recolección de datos, la cual fue aplicada a las historias clínicas obstétricas, pertenecientes a los Policlínicos Docentes "Manuel González Díaz" y "Pablo de la Torriente Brau"; los datos fueron procesados mediante la estadística descriptiva: medida de resumen para variables cuantitativas y cualitativas, y el estadígrafo de Ji cuadrado para la correlación entre variables. Resultados: el mayor porciento de niños con bajo peso al nacer correspondió a las madres comprendidas entre los 20-24 años y 30-34 años de edad y entre las 34.0-36.6 semanas y 37.0 semanas y más de gestación. La mayoría comenzaron la gestación con un peso adecuado, sin embargo, predominó la ganancia de insuficiente durante ésta. La hipertensión arterial predominó entre los antecedentes patológicos de las gestantes. Conclusiones: se ha demostrado que los factores de riesgo maternos tienen una importante asociación con el bajo peso al nacer, es por ello, la necesidad de identificarlos en el momento oportuno y modificarlos, con el objetivo de proporcionar bienestar materno y fetal.Introduction: low-weight at birth constitutes an enigma to the current science. Objective: to carry out an assessment of some maternal risk factors associated with low-weight at birth in Bahia Honda municipality from January 2006 to June 2009. Methods: an observational, descriptive and cross-sectional study was conducted which allowed characterizing women who

  12. Efeito da suplementação protéica a pasto sobre consumo de forragens, ganho de peso e condição corporal, em vacas Nelore

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruas José Reinaldo Mendes

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi verificar o efeito da utilização de concentrado protéico, durante a época de verão, sobre consumo de forragem e variação no ganho de peso e no escore da condição corporal após o parto. Foram utilizadas 51 vacas paridas da raça Nelore, distribuídas ao acaso nos seguintes tratamentos: T0 = sem suplementação; T1 = suplementação com 1 kg; e T2 = suplementação com 2 kg de concentrado contendo 40,8% de PB, durante 105 dias. Neste período, foram determinados o escore corporal e o peso. Para determinar o consumo, utilizaram-se o marcador externo óxido de cromo, em dose única diária de 20 g, e o marcador interno FDA indigestível das extrusas, coletadas por meio de fístulas esofágicas. A suplementação não influenciou o consumo de MS de pasto, que ficou em torno de 9,87 kg MS/dia, correspondente a 2,13% do peso vivo, mas o consumo total de MS foi superior nos tratamentos T1 e T2. Escore da condição corporal, ganho de peso diário e peso final das vacas mostraram-se superiores nos animais suplementados em relação aos não-suplementados. Não foi observada diferença entre os pesos das crias ao final do período experimental.

  13. Aumento na sobrevida de crianças de grupos de peso baixo ao nascer em Santa Catarina Aumento en la sobrevida de niños de grupos de peso bajo al nacer en Santa Catarina, Sur de Brasil Increased survival among lower-birthweight children in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Andrade Pinheiro

    2010-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores associados à sobrevida no primeiro ano de vida. MÉTODOS: Estudo de coorte histórica foi realizado com dados dos sistemas de informação de nascimento e mortalidade sobre 90.153 registros de nascidos vivos e 1.053 registros de óbitos de menores de um ano em hospitais de Florianópolis e São José, SC, entre 1999 e 2006. Foram estimadas curvas de sobrevida (Kaplan-Meier para grupos de peso ao nascer, período (quadriênios e tipo de maternidade. Foram calculadas razões de riscos proporcionais para óbitos utilizando regressão de Cox. RESULTADOS: A sobrevida (98,8% não se modificou entre os grupos de peso, mas aumentou nos grupos de menos de 2.000 g (77,7% para 81,2%, p = 0,029 entre os quadriênios de 1999 a 2002 e 2003 a 2006. Houve aumento de menores de 2.000 g no segundo quadriênio estudado. O tipo de hospital foi associado significativamente à probabilidade de sobrevida. CONCLUSÕES: Há maior probabilidade de sobrevida entre nascidos em hospitais privados e no hospital de ensino para todos os grupos de peso e para o grupo de menos de 2000 g. A sobrevida dos grupos de peso abaixo de 2000 g aumentou no quadriênio mais recente. Entretanto, o coeficiente de mortalidade infantil não diminuiu nesse período, pois a prevalência dos nascidos em grupos de menor peso também aumentou.OBJETIVO: Analizar factores asociados con la sobrevida en el primer año de vida. MÉTODOS: Estudio de cohorte histórica realizado con datos de los sistemas de información de nacimiento y mortalidad sobre 90.153 registros de nacidos vivos y 1.053 registros de óbitos de menores de un año en hospitales de Florianópolis y Sao José, Sur de Brasil, entre 1999 y 2006. Fueron estimadas curvas de sobrevida (Kaplan-Meier para grupos de peso al nacer, período (cuatrienios y tipo de maternidad. Se calcularon tasas de riesgos proporcionales para óbitos utilizando regresión de Cox. RESULTADOS: La sobrevida (98,8% no se modificó entre

  14. Baixo peso ao nascer e proficiência motora em crianças: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Kety Maria de Siqueira

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar estudos que associam o baixo peso ao nascer e a proficiência motora em crianças com idade entre um e dez anos. A revisão sistemática da literatura foi realizada em base de dados eletrônica e lista de referência dos artigos publicados. Foram utilizados os seguintes descritores na língua inglesa: "infant low birth weight", "infant very low birth weight", "infant extremely low birth weight", "motor skills", "psychomotor performance", "child development", "human development", "growth & development", "growth" e "fetal development". A análise dos estudos envolveu leitura de títulos, resumos e textos completos. No total, 18 artigos foram lidos na íntegra; apenas dois estudos tiveram delineamento longitudinal; e os demais estudos eram transversais. As crianças avaliadas tinham idade entre 9 meses e 9 anos. Na avaliação do desenvolvimento motor, há ampla utilização de instrumentos já padronizados, que avaliam habilidades motoras grossas e finas de maneira quantitativa.Os resultados dos estudos apontam que crianças nascidas com peso abaixo de 2.500g apresentam algum tipo de deficit motor. As habilidades mais afetadas foram as habilidades motoras finas e o equilíbrio. O peso ao nascer é uma variável que deve ser considerada nos estudos sobre o desenvolvimento de habilidades motoras básicas das crianças.

  15. ESTIMACIÓN DE PARÁMETROS GENÉTICOS PARA PESO AL DESTETE EN GANADO BLANCO OREJINEGRO (BON EN EL NOROCCIDENTE COLOMBIANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jhon Cañas Á

    2008-04-01

    Full Text Available Objetivo. Estimar los componentes de varianza genético aditivo directo y materno para peso al destete en ganado criollo Blanco Orejinegro (BON. Materiales y métodos. Se utilizaron 356 registros entre los años 1988 al 2007, del núcleo de animales BON puro de la hacienda Vegas de la Clara de la Universidad de Antioquia. El análisis fue realizado utilizando un modelo animal incluyendo los efectos fijos de sexo y época de destete, y como covariable la edad al destete y los efectos aleatorios genético directo, genético materno, ambiente permanente y residual. Resultados. El peso promedio al destete fue de 196.3 ± 31.4 kg, a una edad promedio de 271.8 ± 13.5 días. Se encontraron 21 animales endogámicos con un coeficiente de endogamia de 24.5%. La heredabilidad directa y materna fueron de 0.63 ± 0.36 y 0.22 ± 0.19 con una correlación entre el efecto directo y el materno de -0.78 ± 0.21. Conclusión. De acuerdo a los resultados, existe variabilidad genética en el núcleo BON para esta característica.

  16. El camino de la salud: peso y talla de niños del 1er. ciclo del nivel inicial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solomita Banfi, Fátima

    2001-01-01

    Full Text Available La evaluación del crecimiento en niños pequeños tiene definitiva importancia a la hora de valorar el estado general de salud de una población, el impacto de enfermedades o carencias materiales y/o afectivas sobre su crecimiento y desarrollo, y el diagnóstico temprano de desnutrición. El objetivo de este trabajo es evaluar las variables peso y talla de una muestra infantil y detectar problemas nutricionales a partir de la comparación con los parámetros nacionales de crecimiento. La muestra está constituída por un total de 100 niños de entre 45 días a 4 años de edad procedentes de sectores carenciados urbanos, que concurren al Centro de Desarrollo Infantil (CeDIPF de la zona centro de la ciudad de Rosario. Los registros se asociaron por sexo y edad en 6 grupos etarios: 45 días, 6,12,18 y 24 meses,y 3 y 4 años. Se determinaron media, percentilo y desvío estandár para cada variable y los resultados fueron comparados con los estándares nacionales. Se obtuvo que el 20% del total de niños presentan peso y talla por debajo de los valores normales, observándose importantes deficiencias nutricionales. Los resultados de este estudio proporcionan sólo una primera aproximación a la problemática de la malnutrición en nuestra comunidad, abriendo un espacio para la discusión y reflexión.

  17. Reflexiones sobre los sentimientos y las percepciones de las madres de recién nacidos con bajo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Basílio dos Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Introducción: Para la mayoría de las mujeres, el nacimiento de un hijo se configura como un evento único, que refuerza y legitima la condición de ser mujer. Antes de nacer, el bebé es concebido, los padres se preguntan cuál es el sexo, e incluso la apariencia de que la profesión. El primero de los movimientos fetales contribuye al establecimiento de una relación de amor entre madre e hijo, que más tarde constituirán el apego materno filial. Materiales y Métodos: Es un salto cualitativo descriptivo. Según Minayo este tipo de investigación hace hincapié en la adquisición de los datos recogidos de forma descriptiva del contacto directo con la investigadora ha estudiado este fenómeno. "La investigación cualitativa el investigador guía en la comprensión del fenómeno objeto de estudio de la experiencia descrita por estar en el mundo" Resultados: Los resultados permitieron la construcción de tres categorías de análisis, que son: La hospitalización de recién nacidos con bajo peso,las estrategias para hacer frente a la hospitalización del niño en la unidad neonatal de cuidados intensivos, y obtener ayuda de enfermería como un factor facilitador para hacer frente a la hospitalización de recién nacidos con bajo peso. Discusión y Conclusiones: Con este estudio se dieron cuenta de que, al ser una madre recién nacidos con bajo peso Escort no es una condición que termina en sí mismo. Para la mujer-madre, la hospitalización del recién nacido se presenta como algo asombroso e impresionante, ya que ella soñaba con tener un bebé sano, lo que podría llevar a casa, cuidar y ejercer su papel de madre.(Rev Cuid 2011; 2(2: 168-74.Palabras clave: Enfermeria, Neonatología, Recién Nacido, Relaciones Madre-Hijo. (Fuente: DeCs BIREME.

  18. Estimação pelo método Bayesiano de parâmetros genéticos de peso vivo e características de carcaça em avestruzes Estimation by the Bayesian method of genetic parameters of live weight and carcass traits of ostrich

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Rosa

    2011-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de estimar parâmetros genéticos de características de desempenho e carcaça de avestruzes criados comercialmente, foi utilizado o método Bayesiano, por meio do algoritmo amostrador de Gibbs, disponível no programa MTGSAM (Multiple Trait Gibbs Sampling for Animal Models. Foram estimadas as herdabilidades e correlações genéticas para: peso vivo ao nascer (PN; peso vivo corrigido aos 190 dias (P190 e aos 360 dias (P360 de idade; peso vivo pré-abate (PVO; perda de peso durante o transporte e jejum (PTA; peso de carcaça (PCA; e rendimento de carcaça (RCA. As herdabilidades respectivas foram 0,11; 0,12; 0,33; 0,05; 0,04; 0,20; 0,05. Para as correlações, foram encontrados os valores de -0,11 entre rendimento de carcaça e peso ao nascer; 0,84 e 0,68 para peso de carcaça com peso aos 190 dias e peso de carcaça com peso aos 360 dias; 0,61 e 0,33 para rendimento de carcaça com peso aos 190 dias e rendimento de carcaça com peso aos 360 dias. Não é viável selecionar para peso ao nascer ou para rendimento de carcaça como é para peso aos 360 dias de idade e peso de carcaça. A seleção para peso aos 360 dias de idade pode melhorar o peso da carcaça, ao passo que a seleção para peso aos 190 dias pode aumentar o rendimento de carcaça.With the objective of estimating genetic parameters of performance and carcass characteristics of commercially reared ostriches in Ourinhos, SP, it was used the Bayesian method, by using Gibbs sampling algorithm, available in the program MTGSAM (Multiple Trait Gibbs Sampling in Animal Models. It was estimated the heritabilities and genetic correlations for: birth live weight (BW, corrected live weight at 190 days (W190 and at 360 days (W360 of age; pre-slaughter live weight (PSW, weight loss during transport and fasting (WLT, carcass weight (CW and carcass dressing (CD. The respective heritabilities were 0.11, 0.12, 0.33, 0.05, 0.04, 0.20, 0.05. For the correlations, it was found values of

  19. Entre/Plantas

    OpenAIRE

    Montoro Coso, Ricardo; Sonntag, Franca Alexandra

    2014-01-01

    La palabra Inter-és proviene etimológicamente de las palabras latinas inter y esse; y significa “lo que está-entre dos o más personas, o sea lo que las une pero también las separa”. Los prefijos inter- y entre-, en la mayor parte de los casos, describen estados o acciones ambiguas de los términos que preceden. De esta operación aditiva surgen maclas de vocablos; el inter-sticio como la “hendidura o espacio que media entre dos cuerpos o entre dos partes de un mismo cuerpo”; y así sucesivamente...

  20. Ganho de peso na recria e desempenho reprodutivo de novilhas acasaladas com sobreano Live weight gain in the rearing and reproductive performance of yearling beef heifers mated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yuri Regis Montanholi

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da intensidade do ganho de peso no período de recria, dos 13 aos 18 meses de idade, sobre a taxa de prenhez de novilhas de corte acasaladas com o sobreano durante o outono. Os tratamentos foram constituídos de 30 novilhas com peso médio de 208 kg, submetidas a ganho médio de 0,595 kg dia-1 (G600, 41 novilhas com peso médio de 197 kg submetidas a ganho médio de 0,656 kg dia-1 (G700 e 58 novilhas com peso médio de 181 kg submetidas a ganho médio de 0,723 kg dia-1 (G800. Foram avaliados os efeitos dos tratamentos sobre peso, escore de trato reprodutivo e taxa de prenhez. As taxas de prenhez foram 30,0% 47,8% e 50,0% para os grupos G600, G700 e G800, respectivamente, não existindo diferença significativa entre os grupos. Os grupos G700 e G800, submetidos à maior taxa de ganho de peso, apresentaram maiores valores de escore de trato reprodutivo em relação ao G600 no início da estação de monta. Novilhas com escores mais elevados apresentaram tendência a maior taxa de prenhez. A taxa de prenhez esteve associada à intensidade de ganho de peso na recria independentemente das variações de peso no acasalamento.The objective of this work was to evaluate the effects of growth rate during rearing period, from 13 to 18 months, on pregnancy rate of beef heifers mated at yearling during autumn. Treatments consisted of 30 heifers weighing on average 208 kg submitted to average growth rate of 0.595 kg day-1 (G600, 41 heifers averaging 197 kg with average growth rate of 0.656 kg day-1 (G700 and 58 heifers with 181 kg with average growth rate of 0.723 kg day-1 (G800. Treatment effects were determined on body weight, reproductive tract score and pregnancy rate. Pregnancy rate was 30.0% 47.8% and 50.0%, respectively, for G600, G700 and G800, without significant differences among groups. Treatments G700 and G800, with large growth rates, showed higher values of reproductive tract score than G600 at

  1. Peso ao nascer e obesidade em crianças e adolescentes: uma revisão sistemática Birth weight and obesity in children and adolescents: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Elizandra Rossi

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o nível de evidência científica e epidemiológica da hipótese de associação entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade na infância e na adolescência, a partir de revisão sistemática da literatura. MÉTODO: Foi realizada revisão sistemática nas bases MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil e Lilacs. Adaptou-se a escala de Downs & Black para avaliar a qualidade metodológica dos catorze artigos selecionados. Os artigos foram classificados em duas categorias de análise, de acordo com o índice de desenvolvimento humano do país onde o estudo foi realizado: a peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado; e b peso ao nascer e sobrepeso/obesidade em países com desenvolvimento humano elevado, mas ainda ascendente, e com desenvolvimento humano médio. RESULTADOS: Em ambas as categorias predominou a associação entre elevado peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. Além disso, na primeira categoria, um dos sete artigos mostrou que o baixo peso ao nascer foi preditor de maior percentual de gordura corporal e abdominal. Na segunda categoria, três artigos mostraram associação do catch-up growth com sobrepeso/obesidade, e um mostrou o baixo peso ao nascer como fator protetor do sobrepeso (incluindo obesidade. Foram capturados quatro artigos brasileiros, dentre os quais dois não identificaram associação estatisticamente significativa entre peso ao nascer e sobrepeso/obesidade. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O elevado peso ao nascer apareceu associado ao sobrepeso/obesidade na maioria dos artigos. Há necessidade de se continuar investigando sobre a associação entre o baixo peso ao nascer e sobrepeso/obesidade.AIM: To verify scientific and epidemiologic evidences of the hypothesis of association between birth weight and overweight/obesity in childhood and adolescence based on a systematic review of the literature. METHOD: A systematic review was performed in the MedLine/Pubmed, Scielo-Brasil and

  2. Factores de riesgo de bajo peso al nacer Risk factors for low birthweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bortman

    1998-05-01

    Full Text Available El bajo peso al nacer (BPN es el principal factor determinante conocido de la mortalidad infantil. Pese a la notable reducción de las tasas de mortalidad infantil y al aumento de las tasas de supervivencia de niños con BPN, en Neuquén, Argentina, no se han observado descensos notables de las tasas de BPN. El propósito de este estudio fue conocer los factores de riesgo de BPN, su frecuencia en la población y el papel de la atención prenatal en su prevención, y desarrollar una escala de riesgo que permita identificar a las mujeres en mayor riesgo de dar a luz un niño de bajo peso. Con tal propósito se realizó un estudio transversal en el cual se utilizó 50% de los datos del Sistema Informático Perinatal correspondientes al período 1988­1995 y procedentes de los 29 hospitales de la provincia de Neuquén (46 171 nacimientos. Se analizaron la distribución del peso y la frecuencia de los posibles factores de riesgo de BPN. La asociación entre estos factores y el BPN se analizó mediante un modelo de regresión logística. Con los resultados obtenidos se desarrolló una escala aditiva, que fue validada con el 50% restante de los registros de nacimientos. La razón de posibilidades (RP más elevada correspondió a la falta de atención prenatal (RP = 8,78; IC95%: 6,7 a 11,4. Las RP asociadas con una atención prenatal inadecuada, una primera consulta prenatal tardía, preeclampsia o eclampsia, hemorragia o anomalías de la placenta o sus membranas e historia de un hijo previo con BPN fueron mayores de 2,0. El riesgo de tener hijos con BPN también fue más alto en las mujeres mayores de 40 años, las menores de 20, las solteras, las fumadoras, aquellas cuyo intervalo intergenésico fue menor de 18 meses y las que tenían un índice de masa corporal menor de 20. Por último, se encontró una relación lineal directa entre el puntaje en la escala y el riesgo de tener un hijo con BPN.Low birthweight (LBW is the main known determinant of

  3. Estratificación del bajo peso al nacer desde un enfoque de determinantes sociales Stratification of Low Birth Weight from a Social Determinants Approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meira Mileny Sotolongo Acosta

    2013-04-01

    Full Text Available Fundamento: el área materno-infantil requiere de un enfoque en sus determinantes para aumentar el alcance estratégico de sus programas. Objetivo: estratificar el bajo peso al nacer en el municipio de Cienfuegos y caracterizar el bajo peso de acuerdo a determinantes sociales seleccionadas. Métodos: se realizó un estudio epidemiológico, descriptivo, correlacional sobre la estratificación del bajo peso al nacer en los consejos populares del municipio Cienfuegos, en el período comprendido entre los años 2003 y 2007. Los estratos se definieron según el valor de la media del índice de bajo peso al nacer en este periodo. Para realizar el análisis de las variables cualitativas en muestras independientes se utilizó la prueba de independencia u homogeneidad utilizada en el caso de dos muestras con resultado dicotómico o más. El procesamiento estadístico se realizó en el programa SPSS versión 15,0 y se utilizaron como medidas matemáticas para las variables cualitativas el porcentaje, y para las variables cuantitativas la media aritmética. La técnica estadística para relacionar las variables fue la prueba Chi-cuadrado. Resultados: se mostraron diferencias estadísticamente significativas entre los estratos de bajo, mediano y alto riesgo, en el nivel de escolaridad, estado civil, ocupación, evaluación nutricional, hábito de fumar, antecedentes de bajo peso al nacer, período ínter genésico. La única enfermedad asociada que mostró diferencias entre ellos fue la hipertensión gestacional. Conclusiones: el bajo peso al nacer continúa siendo un serio problema de salud en el municipio Cienfuegos, cuestión esta que debe ser abordada desde sus determinantes para realizar intervenciones futuras y el logro de mejores resultados.Background: maternal-infant area requires a determinants approach in order to enhance the strategic reach of its programs. Objective: to stratify low birth weight in the municipality of Cienfuegos and to

  4. Período de descanso dos suínos no frigorífico e seu impacto na perda de peso corporal e em características do estômago

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalla Costa Osmar Antonio

    2006-01-01

    Full Text Available O manejo pré-abate dos suínos, quando realizado de maneira inadequada, pode proporcionar perdas qualitativas e quantitativas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do período de descanso dos suínos no frigorífico (PDF (3, 5, 7 e 9 horas e da posição do box na carroceria do caminhão (PBO sobre a perda de peso corporal (PPC, o peso do estômago cheio (PEC e vazio (PEV, o peso do conteúdo estomacal (PCE e o escore de lesão na mucosa esofágica-gástrica (ELG. Foram utilizadas 192 fêmeas, com peso vivo médio de 130,0?9,9kg. Para a análise estatística, considerou-se no modelo os efeitos de bloco (BL, relativo à estação do ano e à granja avaliada o PDF, PBO e a interação entre PDF x BL. Não houve efeito significativo do PDF nas variáveis estudadas. Verificou-se efeito significativo da PBO somente sobre a perda de peso corporal dos suínos, sendo que animais transportados na parte da frente perderam mais peso em relação aos transportados nos boxes do meio e de trás. Observou-se que somente 11% dos suínos apresentaram ELG característico de úlcera gástrica e que uma elevada porcentagem de suínos (41,9% apresentou ELG grau 1, caracterizando paraqueratose. Conclui-se que suínos transportados em boxes localizados na parte frontal da carroceria do caminhão apresentam maior perda de peso corporal do que os demais e que a variação de 3 a 9 horas no período de descanso no frigorífico não afeta a perda de peso corporal nem as características do estômago dos animais.

  5. Ganho de peso nos pacientes portadores de mielomeningocele após tratamento com prótese vertical expansível de titânio para costela Aumento de peso en pacientes con mielomeningocele después del tratamiento con la prótesis vertical expansible de titanio para costilla Weight gain in patients with myelomeningocele after treatment with vertical expandable prosthetic titanium rib

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Marques Ielpo

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o ganho de peso e a variação do estado nutricional dos pacientes portadores de mielomeningocele torácica após o uso da prótese vertical expansível de titânio (VEPTR como opção para tratamento sem fusão da coluna vertebral. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de oito pacientes (com média de idade de 5,3 anos; variando de 3,6 a 7,6 anos no momento da cirurgia inicial, portadores de mielomeningocele torácica que apresentavam escoliose, medida pelo método de Cobb, superior a 40º e cifose superior a 80º, tratados com VEPTR pelo grupo de Escoliose da AACD de São Paulo. Foram analisados os pesos, desvio-padrão em que cada paciente se encontrava na tabela idade versus peso referência da OMS e valores angulares da cifose, no pré-operatório, pós-operatório imediato e pós-operatório tardio. RESULTADOS: Houve ganho absoluto de peso em todos os pacientes, com média de 8,7 kg (variando de 3 a 20 kg. Seis pacientes (75% apresentaram ganho de peso e aumento do valor do desvio padrão, traduzindo-se em aproximação de seu peso com relação à mediana considerada normal da curva idade versus peso referência após o início do tratamento com VEPTR. CONCLUSÃO: O ganho de peso absoluto observado não foi acompanhado de melhora do estado nutricional e não houve relação entre correção da cifose e ganho de peso.OBJETIVO: Evaluar la ganancia de peso y el cambio en el estado nutricional de los pacientes con mielomeningocele torácico después de usar la prótesis vertical expandible de titanio (VEPTR como una opción para el tratamiento sin la fusión de la columna vertebral. MÉTODOS: Estudio retrospectivo de ocho pacientes (edad media de 5,3 años, entre 3,6 y 7,6 años en el momento de la cirugía inicial, con mielomeningocele torácico que tenían escoliosis , medida por el método de Cobb, con valores superiores a 40 º y cifosis mayores de 80 º, tratados con VEPTR en el Grupo de Escoliosis de la AACD en São Paulo. Se

  6. Estado nutricional y ganancia de peso en gestantes peruanas, 2009-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Tarqui-Mamani

    2014-04-01

    Full Text Available Introducción: El estado nutricional materno pregestacional y la ganancia de peso durante el embarazo influyen en las condiciones maternas y perinatales e incrementan el riesgo de peso bajo al nacer, parto prematuro y la mortalidad materna perinatal. Objetivos: Describir el estado nutricional y la ganancia de peso de las gestantes que residen en los hogares peruanos. Diseño: Estudio observacional y transversal. Lugar: Instituto Nacional de Salud, Lima, Perú. Participantes: Gestantes que residen en los hogares peruanos. Intervenciones: La muestra fue probabilística, estratificada, multietápica e independiente en cada departamento del Perú, durante los años 2009 y 2010. De la muestra de 22 640 viviendas se incluyó 552 gestantes que aceptaron participar y se excluyó a las gestantes con discapacidad física que impidiera realizar la antropometría. Las mediciones antropométricas se hicieron según metodología internacional, el estado nutricional se obtuvo mediante el IMC pregestacional y la ganancia de peso se calculó según el Instituto de Medicina de los EE UU. Principales medidas de resultados: Estado nutricional y ganancia de peso de la gestante. Resultados: Se encontró que 1,4% de las gestantes iniciaron el embarazo con peso bajo, 34,9% con peso normal, 47% con sobrepeso y 16,8% con obesidad. Durante el embarazo, 59,1% de las gestantes tuvieron ganancia de peso insuficiente, 20% adecuada y 20,9% excesiva; independiente al IMC pregestacional. La mayoría de las gestantes con sobrepeso y obesidad vivían en la zona urbana y no fueron pobres. Conclusiones: Más de la mitad de las gestantes que residen en los hogares peruanos iniciaron el embarazo con exceso de peso (sobrepeso u obesidad y la mayoría de las gestantes tuvo insuficiente ganancia de peso durante el embarazo.

  7. O uso de implantes orbitários de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular no reparo de cavidades anoftálmicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Edward Soranz Filho

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Alterações oculares, em especial a perda de volume nas cavidades evisceradas, promovem uma série de modificações ao paciente tanto funcional do órgão quanto psicológica e estética. Para tanto a procura de um material de baixo custo e com biocompatibilidade tem sido uma constante na literatura. Portanto, esse trabalho teve como objetivo testar experimentalmente implante de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular, material de baixo custo, em órbitas de coelhos submetidos à evisceração cirúrgica em vários tempos experimentais, onde foram avaliados aspectos macroscópicos e microscópicose de toxicidade sistêmica do material. MÉTODOS: Para esse estudo foram utilizados coelhos Oryctolaguscuniculus submetidos à evisceração do globo ocular direito e posteriormente implantados com esfera de polietileno granulado de ultra-alto peso molecular e analisados por 15, 30, 90 e 180 dias pós-implante, com parâmetros macro, microscópios e bioquímicos. Os animais controles foram submetidos ao mesmo procedimento sem, entretanto a colocação do implante. RESULTADOS: Os resultados desse trabalho mostram que o material utilizado no implante de cavidade não apresenta alteração significativa nos parâmetros de peso e bioquímicos quando comparados ao grupo controle. O material implantado apresentou uma grande interação com o tecido do hospedeiro. CONCLUSÃO: Os resultados indicam que implante de polietileno granulado de alto peso molecular desenvolvido por uma indústria nacional tem alto potencial para se realizar testes em humanos.

  8. Correlações entre caracteres quantitativos em milho pipoca Correlation among quantitative traits in popcorn maize

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Carpentieri-Pípolo

    2002-12-01

    Full Text Available Em um programa de melhoramento, o conhecimento da grandeza das associações entre caracteres de interesse, é de fundamental importância na obtenção de populações melhoradas. O presente trabalho teve como objetivo determinar as correlações genotípicas, fenotípicas e ambientais entre caracteres quantitativos em milho pipoca. Foram avaliados nove genótipos de milho pipoca dispostos no campo em delineamento em blocos casualizados com oito repetições. Os genótipos UEL ZP, UEL SI e UEL PAP revelaram maiores capacidades de expansão (27,50; 27,15 e 24,40 respectivamente e número de grãos por volume (244,75; 248,50 e 248,75 respectivamente. A capacidade de expansão revelou correlação fenotípica positiva com o tamanho da pipoca e com o número de grãos por volume, e correlação negativa com massa de grãos por planta. Os caracteres massa de grãos por planta e peso total da espiga revelaram correlações fenotípicas e genotípicas positivas entre si, o que possibilita a utilização de um ou outro na seleção, optando-se pelo que melhor convier aos propósitos do programa de melhoramento.Knowledge of the size of the association among traits of interest is of fundamental importance in a breeding program to allow genetic progress. The genotypic, phenotypic and environment correlation were studied among quantitative traits of popcorn maize. Nine popcorn maize genotypes were assessed. A randomized complete block design with eight replications was used. The UEL ZP, UEL SI and UEL PAP. genotypes which had greatest expansion capacity (27.50; 27.15 and 24.20, respectively, also had the greatest values for the number of grains per volume (244.75; 248.50 and 248.75, respectively. The expansion capacity correlated positively with the popcorn size and with number of grains per volume and negatively with plant yield. The traits plant yield, and total ear weight showed positive phenotypic and genotypic correlation that permits the choice of

  9. Factores de riesgo de bajo peso al nacer en un hospital cubano, 1997-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Escobar José Andrés Cabrales

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar qué factores de riesgo materno durante el embarazo se asocian a la incidencia de bajo peso al nacer (menos de 2 500 g. Métodos. Se diseñó un estudio de casos y testigos con 764 casos de nacimiento simple con un peso al nacer de menos de 2 500 g, y 1 437 testigos del Hospital Gineco-Obstétrico Provincial de Sancti Spíritus, Cuba, durante el cuatrienio de 1997-2000. Los datos se obtuvieron de historias clínicas, registros de partos y entrevistas personales con las madres. Se realizó un análisis con dos variables y se controlaron los posibles factores de confusión mediante regresión logística dicotómica con el programa SPSS. Se usó un modelo final de múltiples variables para identificar los factores de riesgo maternos asociados con el bajo peso al nacer. Resultados. El análisis con múltiples variables mostró una asociación significativa del bajo peso al nacer con la presencia de anemia en la madre cuando se detectó el embarazo, la sepsis urinaria durante el embarazo, el asma bronquial, un aumento de peso materno menor de 8 kg durante todo el embarazo, el hábito de fumar durante el mismo, antecedentes de bajo peso al nacer en partos anteriores, la presencia de hipertensión arterial desde antes de la gestación y la consulta prenatal extemporánea. Conclusiones. A partir de estos resultados se concluyó que, independientemente de la medida de impacto utilizada, es importante tratar de disminuir los factores de riesgo identificados a fin de reducir la incidencia del bajo peso al nacer en la provincia de Sancti Spíritus.

  10. Factores de riesgo de bajo peso al nacer en un hospital cubano, 1997-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Andrés Cabrales Escobar

    2002-09-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar qué factores de riesgo materno durante el embarazo se asocian a la incidencia de bajo peso al nacer (menos de 2 500 g. Métodos. Se diseñó un estudio de casos y testigos con 764 casos de nacimiento simple con un peso al nacer de menos de 2 500 g, y 1 437 testigos del Hospital Gineco-Obstétrico Provincial de Sancti Spíritus, Cuba, durante el cuatrienio de 1997-2000. Los datos se obtuvieron de historias clínicas, registros de partos y entrevistas personales con las madres. Se realizó un análisis con dos variables y se controlaron los posibles factores de confusión mediante regresión logística dicotómica con el programa SPSS. Se usó un modelo final de múltiples variables para identificar los factores de riesgo maternos asociados con el bajo peso al nacer. Resultados. El análisis con múltiples variables mostró una asociación significativa del bajo peso al nacer con la presencia de anemia en la madre cuando se detectó el embarazo, la sepsis urinaria durante el embarazo, el asma bronquial, un aumento de peso materno menor de 8 kg durante todo el embarazo, el hábito de fumar durante el mismo, antecedentes de bajo peso al nacer en partos anteriores, la presencia de hipertensión arterial desde antes de la gestación y la consulta prenatal extemporánea. Conclusiones. A partir de estos resultados se concluyó que, independientemente de la medida de impacto utilizada, es importante tratar de disminuir los factores de riesgo identificados a fin de reducir la incidencia del bajo peso al nacer en la provincia de Sancti Spíritus.

  11. Mid-upper arm circumference in pregnant women and its relation to birth weight Perímetro braquial da gestante e sua relação com o peso ao nascer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anamaría E. Ricalde

    1998-04-01

    Full Text Available OBJECTIVE: In order to determine the relationship between some maternal anthropometric indicators and birth weight, crown-heel length and newborn's head circumference, 92 pregnant women were followed through at the prenatal service of hospital in S. Paulo, Brazil. MATERIAL AND METHOD: The following variables were established for the mother: weight, height, mid-upper arm circumference, pre-pregnancy weight, gestational weight gain and Quetelet's index. For the newborn the following variables were recorded: birth weight, crown-heel length, head circumference and gestational age by Dubowitz's method. RESULTS: Significant associations were noted between gestational age and newborn variables. In addition, maternal mid-arm circumference (MUAC and pre-pregnancy weight were found to be positively correlated to birth weight (r=0.399; r=0.378, respectively. The multivariate linear regression shows that gestational age, mother's arm circumference and pre-pregnancy weight continue to be significant predictors of birth weight. On the other hand, only gestational age and mother's age was associated with crown-heel length. Similarly MUAC was significantly associated with crown-heel length (r= 0.306; P=0.0030. CONCLUSION: Maternal mid-upper arm circumference is a potential indicator of maternal nutritional status. It could be used in association with other anthropometric measurements, instead of pre-pregnancy weight, as an alternative indicator to assess women at risk of poor pregnancy outcome.OBJETIVO: Para determinar a relação entre os indicadores antropométricos maternos e o peso, a estatura e o perímetro cefálico do recém-nascido, foi realizado um estudo de seguimento de noventa e duas gestantes, inscritas no serviço de pré-natal de um hospital de São Paulo, Brasil. MATERIAL E MÉTODO: Foram estudadas as seguintes variáveis na mãe: peso, estatura, perímetro braquial, peso pré-gestacional, ganho de peso, idade e Índice de Quetelet. Nos rec

  12. GENERAL ASPECTS OF BODY MEASURES, WEIGHT AND SCORE CONDITION FEMALE NELORE BREED (Bos taurus indicus ON THE PERIOD OF 12 MONTHS ESTUDIO DE MEDIDAS CORPORALES, PESO VIVO Y CONDICIÓN CORPORAL DE BOVINOS HEMBRAS DE LA RAZA NELORE (Bos taurus indicus POR 12 MESES ESTUDO DE MEDIDAS CORPORAIS, PESO VIVO E CONDIÇÃO CORPORAL DE FÊMEAS DA RAÇA NELORE (Bos taurus indicus AO LONGO DE 12 MESES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arcádio de Los Reys Borjas

    2008-04-01

    Full Text Available Four hundred and eighty cattle were used to verify alterations and correlations among corporal measures in Nelore zebu herd with cows and heifers. Body weight and length, corporal condition, heart girth, withers height and hip measures were evaluated. Eight collections were accomplished along the months of October of 2002 and October of 2003. In heifers there was increase of the averages of corporal measures with significant difference (p <0,05 among collections only the heart girth was different (p <0,05 in cows. The relationship between the body weight and body condition with the time were quadratic parallel curves (p <0,001. There were correlations among lineal measures body with hip measures (p<0,001 except for heart girth with hip length. The correlations of body weight and body condition among body measures were significant (p<0,001 except body condition with hip length in cows. It could be concluded that there was a growing variation of the body measures in heifers in the experimental period. The body weight, the body condition and heart girth were related with different periods of the year that the evaluation was accomplished. In cows the variations along the year were of 14,79%, 31,53% and 6,74%, respectively. The isquiun – iliun external measures, as height and width were correlated with size measures and weight. The body weight and body condition in heifers behave in way similar to cows. Further researches in relationship among body measures, body weight and body condition with productive and reproductive aspect are necessary. Con el objetivo de verificar alteraciones y correlaciones entre medidas corporales en un rebaño bovino de vaquillonas y vacas de la raza Nelore. Evaluaron-se 487 hembras en peso vivo, condición corporal, perímetro toráxico, largura corporal, altura de la cruz y medidas da anca. Fueron realizadas ocho coletas a lo largo de los meses de octubre de 2002 y octubre de 2003. En las vaquillonas hubo un aumento de

  13. Mecanismo de acción de las fosfatasas ácidas de bajo peso molecular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio Guija

    2007-12-01

    Full Text Available Las fosfatasas ácidas son enzimas ampliamente distribuidas en la naturaleza y tienen la propiedad de hidrolizar fosfomonoésteres a pH 5,0, liberando como productos de la reacción un alcohol y fosfato inorgánico. Cuando se compara los valores de kcat/Km de las fosfatasas de hígado, de bovino, alpaca y porcino, nos permite sugerir que estas enzimas tienen elevada afinidad por el sustrato p-nitrofenil fosfato. Los productos que se liberan durante la catálisis por fosfatasa ácida, muestran que el fenol o el p-nitrofenol se comportan como inhibidores de tipo no competitivo, mientras que el fosfato inorgánico muestra una inhibición de tipo competitiva. Para evidenciar la probable formación de un complejo covalente en la secuencia catalítica, se utilizó diversos nucleófilos más eficientes que el agua, tales como metanol, etanol y glicerol. Las modificaciones que produjeron en los valores Km, Vmax y los productos liberados en la reacción sugieren la formación de un complejo enzima-fosfato. El pH afecta los valores de Km y Vmax de las fosfatasas ácidas, un análisis del comportamiento de estas enzimas en un rango de pH comprendido entre 3,8 y 6,8 sugieren que en el sitio activo existe un residuo de aminoácido con un valor pKa de 6,0. El uso del dietilpirocarbonato, un compuesto que selectivamente reacciona con el residuo histidina en las proteínas, inhibe completamente a estas fosfatasas. Así mismo, un experimento de cinética de inhibición múltiple realizado en presencia de fosfato inorgánico y dietilpirocarbonato permite calcular un valor Ki que es igual al obtenido en otras condiciones experimentales. En tal sentido, las fosfatasas ácidas de bajo peso molecular catalizarían las reacciones a través de un modelo de tipo uni biordenado, con la formación de un complejo covalente intermedio, y que el residuo histidina participaría directamente en la catálisis.

  14. Which factors could explain the low birth weight paradox? Quais fatores podem explicar o paradoxo do baixo peso ao nascer?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    2006-08-01

    ão Preto (SP e em São Luís (MA, cujas taxas de baixo peso ao nascer eram 10,7% e 7,6%, respectivamente. Foram analisados dados de duas coortes de nascimentos: 2.839 recém-nascidos em Ribeirão Preto em 1994 e 2.439 em São Luís em 1997/98. Foi realizada análise de regressão logística múltipla, ajustada para efeito de confusão. RESULTADOS: Os fatores de risco associados em São Luís foram primiparidade, idade materna menor que 18 anos e tabagismo materno. Em Ribeirão Preto, os fatores de risco foram: renda familiar entre um e três salários-mínimos, idade materna menor que 18 e igual ou maior que 35 anos, tabagismo materno e parto cesáreo. Em modelo conjunto incluindo ambas as coortes, Ribeirão Preto apresentou risco 45% maior para em relação a São Luís. Quando ajustado para tabagismo materno, o excesso de risco em Ribeirão Preto, reduziu-se em 49%, mas o intervalo de confiança esteve marginalmente significante. Diferenças nas taxas de cesárea entre as duas cidades contribuíram para explicar uma porção adicional desse paradoxo. CONCLUSÕES: O tabagismo materno foi o fator de risco mais importante capaz de explicar a diferença no baixo peso ao nascer entre as duas cidades. Os outros fatores pouco contribuíram para explicar a diferença nas taxas de baixo peso ao nascer.

  15. Volumen y dimensiones como predictores del peso de semilla en especies herbáceas del centro de la Península Ibérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sánchez, Ana M.

    2001-12-01

    Full Text Available Although seed weight is a key factor in understanding the reproductive biology of plant species, its value is unknown for a large proportion of the herbaceous species in the Mediterranean basin. This paper presents data on seed weight, dimensions and volume for 1 18 herbaceous species in acidic Mediterranean scrub and grassland in the centre of the Iberian Peninsula. This information is used to design predictive models of seed weight using multiple regression models. taking into account the phylogenetic effect. Five groups of models were designed: one using Trifolium species. three. using the families represented by the largest number of species (Catyophyllaceae, Asteraceae and Poaceae; and finally a general model using one species from each of the families present in the sample. The models are rated according to the absorbed variante, their significance in relation to the previous in complexity and the effort required to obtain the data for each one. We also test the validity of seed dimension data taken from literature sources to predict seed weight. The 1-0 seed dimensions are excellent weight predictors in the case of Trifolium (Weight = - 24.55 + 0.10D1 + 3.38D2, r2 = 0.94 and Asteraceae (Weight = - 20.90 + 1.19D1 + 1.67D2, r2 = 0.91 and are quite satisfactory in the case of the general model (Weight = - 16.01 +0.56D1 + 1.6002, r2 = 0.69.El peso de las semillas es un carácter clave para entender la biología reproductiva de las especies vegetales, pero se desconoce su valor para gran parte de las especies herbáceas de la cuenca mediterránea. En este trabajo se exponen datos de peso, dimensiones y volumen de las semillas de 118 especies herbáceas características del matorral y pastizal acidófilos mediterráneos del centro de la Península Ibérica. Esta información es empleada para elaborar modelos predictivos del peso a partir de las dimensiones mediante el uso de modelos de regresión lineal múltiple, teniendo en cuenta el efecto

  16. Curva dos valores normais de peso fetal estimado por ultra-sonografia segundo a idade gestacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução do peso fetal estimado em gestações normais de 20 a 42 semanas. Quanto ao desenho e métodos empregados na pesquisa, realizou-se estudo descritivo de um universo constituído por 2.874 gestantes normais da cidade de Campinas, efetuando-se exame ultra-sonográfico obstétrico de rotina com medida da biometria fetal e utilizando-se, para o cálculo do peso fetal, a fórmula de Hadlock et al. (1991. Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 do peso fetal, por idade gestacional, com construção de curva posteriormente alisada mediante ajuste polinomial de 2º grau. Como resultado, obteve-se que o valor do percentil 50 foi de 368 gramas na 20ª semana, 1.512 gramas na 30ª semana, atingindo 3.417 gramas na 42ª semana. Constatou-se ter havido ganho médio de 200 gramas de peso por semana, de 27 a 38 semanas, a partir de quando o incremento diminuiu. Concluiu-se que a disponibilidade de curva brasileira do peso fetal estimado normal permitirá o diagnóstico pré-natal de seus desvios pela ultra-sonografia.

  17. El crecimiento y desarrollo ante la prematuridad y el bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christine Baccarat de Godoy Martins

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Realizar una revisión bibliográfica sobre el crecimiento y desarrollo de prematuros y/o de bajo peso al nacer. Metodología: Se utilizaron las bases de datos lilacs, medline y scielo. Se encontraron 64 trabajos: 10 publicados en 2005, 10 en 2006, 12 en 2007, 16 en 2008, 8 en 2009 y 8 en 2010. Las publicaciones halladas pertenecían a las áreas de medicina (59,4%, nutrición (7,8%, enfermería (7,8%, salud pública (7,8%, psicología (6,2%, epidemiología (4,7%, fisiología (3,1% y fonoaudiología (3,1%. Resultados:Los textos encontrados permitieron la organización del conocimiento producido según las siguientes categorías de análisis: Factores asociados al bajo peso en el nacimiento/prematuridad; Repercusiones del bajo peso en el nacimiento/prematuridad para el crecimiento y desarrollo y medidas de prevención; y Supervivencia de los recién nacidos prematuros o de bajo peso. Conclusión: Los niños nacidos prematuramente y de bajo peso generalmente presentan déficit de desarrollo. Un acompañamiento postnatal centrado en el crecimiento y desarrollo es fundamental.

  18. Volume do embrião estimado pela ultra-sonografia tridimensional entre a sétima e a décima semana de gestação Embryo volume estimated by three-dimensional ultrasonography at seven to ten weeks of pregnancy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Bortoletti Filho

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a evolução do volume do embrião (VE entre a sétima e a décima semana de gestação por meio da ultra-sonografia tridimensional. MÉTODOS: realizou-se um estudo de corte transversal com 63 gestantes normais entre a sétima e a décima semana. Os exames ultra-sonográficos foram realizados por meio de um transdutor endocavitário volumétrico. Para o cálculo do VE, utilizou-se o método VOCAL (Virtual Organ Computer-aided Analysis com ângulo de rotação de 12º, com delimitação de 15 planos seqüenciais. Para o VE foram calculadas médias, medianas, desvios padrão e valores máximo e mínimo em todas as idades gestacionais. Para se avaliar a correlação entre o VE e o comprimento cabeça-nádega (CCN foi criado gráfico de dispersão, sendo o ajuste realizado pelo coeficiente de determinação (R². Para se determinarem intervalos de referência do VE em função do CCN, utilizou-se a seguinte fórmula: percentil =VE+K versus dp, com K=1,96. RESULTADOS: o CCN variou de 9,0 a 39,7 mm, com média de 23,9 mm (±7,9 mm, enquanto o VE variou de 0,1 a 7,6 cm³, com média de 2,7 cm³ (±3,2 cm³. O VE foi altamente correlacionado com o CCN, sendo que o melhor ajuste foi obtido com regressão quadrática (VE=0,165 - 0,055 x CCN + 0,005 x CCN²; R²=0,853. O VE médio variou de 0,1 (-0,3 a 0,5 cm³ a 6,7 cm³ (3,8 a 9,7 cm³ no intervalo de 9 a 40 mm do CCN. Neste intervalo o VE aumentou 67 vezes, enquanto o CCN aumentou apenas 4,4 vezes. CONCLUSÕES: o VE é um parâmetro mais sensível que o CCN para avaliar o crescimento embrionário entre a sétima e a décima semana de gestação.PURPOSE: to evaluate the embryo's volume (EV between the seventh and the tenth gestational week, through tridimensional ultrasonography. METHODS: a transversal study with 63 normal pregnant women between the seventh and the tenth gestational week. The ultrasonographical exams have been performed with a volumetric abdominal transducer. Virtual

  19. Treino locomotor com suporte parcial de peso corporal na reabilitação da lesão medular: revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Maria Rocha Dutra

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treino locomotor com suporte de peso corporal (TLSP é utilizado há aproximadamente 20 anos no campo da reabilitação em pacientes que sofrem de patologias neurológicas. O TLSP favorece melhoras osteomusculares, cardiovasculares e psicológicas, pois desenvolve ao máximo o potencial residual do organismo, proporcionando a reintegração na convivência familiar, profissional e social. OBJETIVO: Identificar as principais modalidades de TLSP e seus parâmetros de avaliação com a finalidade de contribuir com o estabelecimento de evidências confiáveis para as práticas reabilitativas de pessoas com lesão medular. MATERIAIS E MÉTODOS: Foram analisados artigos originais, publicados entre 2000 e 2011, que envolvessem treino de marcha após a lesão medular, com ou sem suporte parcial de peso corporal, e tecnologias na assistência do treino, como biofeedback e estimulação elétrica funcional, entre outras. RESULTADOS: A maioria dos participantes dos estudos era do sexo masculino; os níveis de lesão variavam de C3 a L3; ASIA teve pontuações de A a D; os tempos de lesão variaram entre 0,3 meses a 33 anos. Também se verificou que não há consenso em relação ao protocolo de TLSP. CONCLUSÃO: O treino locomotor com suporte de peso corporal mostra-se viável na reabilitação de pacientes que sofrem de uma patologia neurológica como a lesão medular. Independentemente do protocolo de treino utilizado, os benefícios referentes ao aumento da força muscular, manutenção ou aumento da densidade óssea, diminuição da frequência cardíaca e aumento do condicionamento físico estão presentes

  20. Estimativa da prevalência de déficit de altura/idade a partir da prevalência de déficit de peso/idade em crianças brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victora Cesar G.

    1998-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A antropometria é amplamente utilizada para avaliação nutricional de indivíduos e de grupos populacionais. Em anos recentes, diagnósticos comunitários têm sido realizados por profissionais dos serviços de saúde em diversas regiões brasileiras, com o objetivo de complementar os dados obtidos através de vigilância nutricional. Um obstáculo importante à realização destes diagnósticos é a difícil mensuração da altura em inquéritos domiciliares. MÉTODO: Foram identificados 38 inquéritos antropométricos com crianças de 0 a 5 anos de idade, realizados no Brasil, que utilizaram o padrão de referência NCHS e o percentual de crianças abaixo de -2 escore Z para definição da prevalência de déficit de peso/idade e altura/idade. A análise foi realizada a partir das correlações entre as prevalências de déficits de altura/idade e peso/idade definidas. RESULTADOS: A análise mostrou que devido à baixa prevalência de déficits de peso/altura há forte correlação entre peso/idade e altura/idade, em nível populacional. Cerca de 90% da variabilidade de altura/idade (A/I é explicada pelo peso/idade (P/I. CONCLUSÃO: Através da equação (Prev. A/I = 0,74 + 2,34 (Prev. P/I - 0,03 (Prev. P/I2, é possível estimar os déficits de altura, desde que se conheça os déficits de peso. Espera-se que os resultados possam contribuir para a simplificação dos inquéritos antropométricos realizados no âmbito dos serviços e favorecer sua disseminação.

  1. Increase of gastric area and weight gain in rats submitted to the ingestion of gasified water Aumento de área gástrica e ganho de peso em ratos submetidos à ingestão de água gaseificada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Roberto Ferreira Santiago

    2004-06-01

    resultados identificaram que os animais que foram submetidos ao tratamento com água gaseificada (Grupo-2 e Grupo-4, apresentaram um maior volume de ingestão hídrica e aumento significativo da área gástrica (p<0,001, no Grupo-2 a ingestão alimentar assim como o ganho de peso foi significativo (p<0,01, os dados de glicemia, hematócrito e hemoglobina não tiveram alterações significativas entre os grupos estudados. CONCLUSÃO: Nas condições em que foi realizado este experimento, concluímos que a água gaseificada favoreceu a ingestão hídrica e alimentar, o ganho de peso e o aumento da área gástrica.

  2. Prevalência de excesso de peso e seus fatores associados em adolescentes da rede de ensino público de Piracicaba, São Paulo Prevalencia de exceso de peso y sus factores asociados en adolescentes de la red de enseñanza pública de Piracicaba, São Paulo (Brasil Prevalence of overweight and associated factors in adolescents from public schools of Piracicaba city, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Verzinhasse Peres

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de excesso de peso e os fatores associados à sua ocorrência em adolescentes da rede de ensino público da cidade de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal de 269 adolescentes de ambos os sexos, com idades entre dez a 14 anos. Foram aplicados questionários para obtenção do consumo alimentar, maturação sexual, nível de atividade física e características demográficas. Para a análise estatística utilizou-se a regressão logística univariada e múltipla. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 35,7% entre os meninos e 26,2%, entre as meninas. Os fatores associados foram observados somente entre as meninas, mostrando-se protetor ao excesso de peso o 2º tercil de consumo de carboidrato (OR ajustada 0,28 e a fase de aceleração/pico do crescimento (OR ajustada 0,37. CONCLUSÕES: A prevalência de excesso de peso nos adolescentes é preocupante. A fase de aceleração/pico do crescimento e o alto consumo de carboidrato foram relacionados como fatores protetores para o excesso de peso entre as meninas. Sugere-se ainda que este último fator seja analisado com cautela, dado que tal associação não foi observada em outros estudos.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de exceso de peso y los factores asociados a su ocurrencia en adolescentes de la red de enseñanza pública de la ciudad de Piracicaba, São Paulo (Brasil. MÉTODOS: Estudio transversal de 269 adolescentes de ambos sexos, con edades entre 10 y 14 años. Se aplicaron cuestionarios para obtención del consumo alimentar, maturación sexual, nivel de actividad física y características demográficas. Para el análisis estadístico, se utilizó la regresión logística univariada y múltiple. RESULTADOS: La prevalencia de exceso de peso fue de 35,7% entre los muchachos y de 26,2% entre las muchachas. Los factores asociados fueron observados solamente entre las muchachas, mostrándose protector al exceso de peso el 2º tercil

  3. Habilidades pre-escolares de los niños nacidos prematuramente y con bajo peso

    OpenAIRE

    Sasha A. Martínez-Espiet; Irene Sumaza Laborde; Leila Crespo Fernández; Maribel Campos Rivera; Frances Boulon Díaz

    2016-01-01

    RESUMEN: El objetivo de este estudio fue conocer el nivel de desarrollo en la etapa pre-escolar de un grupo de niños nacidos prematuramente y con bajo peso. Se evaluó un grupo 20 niños de cuatro años nacidos prematuramente y con bajo peso y un grupo de 20 niños nacidos luego de gestación completada y peso deseado utilizando la prueba de integración visual-motora Beery-Buktenica. Además, se administró el cuestionario del desarrollo Ages and Stages (ASQ-3) a las 40 madres. El análisis estadísti...

  4. El estado del peso corporal en sujetos con retraso mental en un centro de día

    OpenAIRE

    García, Edi Guillermo

    2010-01-01

    La investigación del peso corporal en sujetos con retraso mental (RM) ha sido emparentada con la obesidad y, en menor medida, con el bajo peso. Con el motivo de determinar el estado del peso corporal y establecer si existen desviaciones respecto al peso normal, es que se realizó un estudio con diseño descriptivo transversal teniendo en cuenta las diferentes de evaluación el Índice de Masa Corporal y el IMC para la edad, recolectándose los datos en concurrentes a un Centro de Día. Según ...

  5. Descartes de origem animal e o crescimento e ganho de peso do jacaré-de-papo-amarelo, Caiman latirostris (Daudin, 1802, em cativeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarkis-Gonçalves Fabianna

    2002-01-01

    Full Text Available O custo da alimentação é o principal fator limitante para a criação de jacarés em cativeiro. O uso de descartes e subprodutos como fontes de alimento em fazendas de criação de jacarés poderá auxiliar a resolver este problema. No presente estudo, quatro diferentes tipos de descartes provenientes da produção animal foram avaliados como alimento para o jacaré-de-papo-amarelo (Caiman latirostris durante o primeiro ano de vida. Um total de 120 filhotes provenientes de seis ninhadas foram mantidos em quatro diferentes tanques dentro de uma estufa plástica. As seguintes dietas foram usadas: peixe, suino, frango e mista (peixe + suino + frango em iguais proporções. O delineamento experimental foi de ANOVA por blocos. Ganho de peso e taxas de crescimento do comprimento rostro-anal e da cintura comercial foram medidos e modelos de crescimento foram estabelecidos. A dieta mista resultou em melhores taxas de crescimento e ganho de peso, mas não foram detectadas diferenças consistentes entre as dietas usadas quanto aos modelos de crescimento.

  6. Evolução do peso durante o primeiro ano de transplante renal e a ocorrência de Diabetes Mellitus após 5 anos de seguimento = Weight evolution during the first year of renal transplantation and the occurrence of Diabetes Mellitus after 5 years of follow-up

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lienert, Rafaela Siviero Caron

    2014-01-01

    Full Text Available Introdução: O período pós-transplante tardio é marcado por uma série de alterações nutricionais, os quais podem reduzir a sobrevida do órgão transplantado e do paciente. Objetivo: Avaliar a evolução do peso durante o primeiro ano de transplante renal (TR e o desenvolvimento de Diabetes Mellitus pós-transplante (DMPT após cinco anos de seguimento. Materiais e Métodos: Estudo de coorte retrospectiva, onde foram coletados dados de peso e outros parâmetros clínicos em prontuário do Setor de Nefrologia do Hospital São Lucas da PUCRS em Porto Alegre. Resultados: Dos 35 pacientes estudados, ao final do primeiro ano, descrito como T12, observamos ganho de peso médio de 8,2%, sendo que 29 deles (82,9% ganharam peso. O aumento torna-se significativo a partir do sexto mês após TR (T6 nas mulheres e após nove meses (T9 nos homens. O ganho de peso promove impacto sobre o IMC, apresentando diferença estatística entre dados iniciais (T0 (23,2±4,3kg/ m2 e em T12 (24,9±4,4 kg/m2 (p <0,001. Ao final do quinto ano, observa - se 6 óbitos (17,1% e 2 (5,7% perdas de enxerto. Dos 27 pacientes, observa - se incidência de 18,5% de DM PT, os quais apresentaram ganho de peso superior, apesar de não serem dados estatisticamente diferentes, e aumento acentuado durante o primeiro ano de TR (13,6% do peso usual em comparação com o grupo que não desenvolveu esta patologia (4,7% do peso usual. Conclusão: Observa-se aumento de peso após um ano de TR e, os pacientes que desenvolveram DMPT após 5 anos de seguimento apresentaram perfil de ganho de peso diferente do grupo que não desenvolveu a doença, apesar de serem dados sem diferença estatística

  7. Gravidez na adolescência e baixo peso ao nascer: existe associação? Embarazo en la adolescencia y bajo peso al nacer: ¿existe asociación? Pregnancy in teenagers and low birthweight infant: is there an association?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almir de Castro Neves Filho

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre gravidez na adolescência (dez a 19 anos e baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo transversal realizado em maternidade terciária entre junho de 2000 a junho de 2001. Por sorteio aleatório simples, foram selecionadas mães adolescentes e não adolescentes entrevistadas no primeiro dia após o parto. Aplicou-se a análise multivariada por meio de regressão logística das variáveis implicadas com o baixo peso ao nascer. RESULTADOS: Foram selecionadas 539 duplas (mães e seus respectivos recém-nascidos, sendo 331 (61,4% mulheres com 20 anos ou mais e 208 (38,5% abaixo de 20 anos. Entre as adolescentes, 50 bebês (24% tiveram idade gestacional OBJETIVO: Verificar la asociación entre embarazo en la adolescencia (10 a 19 años y bajo peso al nacer. MÉTODOS: Estudio transversal realizado en maternidad terciaria entre junio de 2000 a junio de 2001. Por sorteo aleatorio simple, se seleccionaron madres adolescentes y no adolescentes entrevistadas en el primer día después del parto. Se aplicó el análisis multivariado mediante regresión logística de las variables implicadas con el bajo peso al nacer. RESULTADOS: Se seleccionaron 539 parejas (madres y sus respectivos recién-nacidos, siendo 331 (61,4% mujeres con 20 años o más y 208 (38,5% abajo de los 20 años. Entre las adolescentes, 50 bebés (24% tuvieron edad gestacional OBJECTIVE: To study the association between teenage pregnancy (ten to 19 years old and low birthweight. METHODS: Cross-sectional study carried out at a tertiary center from June 2000 to June 2001. A simple random drawing selected teenagers and adult mothers who were interviewed during the first day after birth. Multivariate analysis using logistic regression of variables related to low birthweight was applied. RESULTS: 539 pairs (mothers and their newborns were studied - 331 (61.4% women with 20 years old or more and 208 (38.5% <20 years old. Among the adolescents, 50 (24% infants

  8. Utilização de serviços de saúde no Brasil: associação com indicadores de excesso de peso e gordura abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Tomasi

    2014-07-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi analisar a associação entre o uso de serviços de saúde e obesidade em adultos brasileiros. Realizou-se estudo transversal de base populacional em 100 municípios de 23 estados brasileiros. Os desfechos foram: atendimento domiciliar, utilização de serviço médico na unidade básica de saúde (UBS, uso de serviços médicos fora da UBS, uso de pronto-socorro e internação hospitalar. O excesso de peso foi avaliado por aferição do IMC e da circunferência abdominal (CA. Entre os 8.603 sujeitos estudados, o atendimento médico na UBS foi 14% e 18% maior entre obesos e com CA de risco muito aumentado, respectivamente, após ajuste para as variáveis sociodemográficas e sedentarismo, mas perdeu significância quando ajustado para hipertensão e diabetes autorreferidos. Para o pronto-socorro, ambas as exposições implicaram um aumento de cerca de 20% na probabilidade de uso deste serviço, após ajustes. O excesso de peso aumentou a probabilidade de utilização de consulta médica na UBS e em serviços de urgência e emergência.

  9. El bajo peso al nacer y la programación temprana de la vida, un problema de actualidad y del futuro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Jiménez García

    Full Text Available El hecho de que el desarrollo fetal pueda ser un factor influyente en el desarrollo humano durante todo el ciclo de la vida ha sido explorado desde la primera mitad del siglo XX, cuando Kermack y otros analizan las tasas históricas de mortalidad en Gran Bretaña y Suiza, y observan que la expectativa de vida estaba determinada por las condiciones existentes durante las etapas tempranas de la vida. Los estudios de Forsdhal, en 1977, determinaron como factor de riesgo cardiovascular los estados de pobreza, seguidos de prosperidad durante la infancia y la adolescencia. Estas observaciones conllevaron a Barker a conformar su hipótesis acerca de la relación entre el bajo peso al nacer y el riesgo cardiovascular, la resistencia insulínica y la diabetes tipo II en la adultez. Aunque no se ha podido demostrar una relación causal única entre el bajo peso al nacer y el desarrollo de las enfermedades crónicas no transmisibles (siendo esta una relación multicausal, tanto los estudios in vitro como in vivo, han demostrado que un medio intrauterino deficiente, independiente de su causa, puede incrementar el riesgo de padecer esas enfermedades, al igual de que si persiste el medio adverso durante la infancia y la adolescencia (estados nutrimentales carenciales, se perpetúa el riesgo. El presente reporte tiene el objetivo de analizar algunos aspectos teóricos relacionados con la programación temprana de la vida y su relación con el desarrollo de las enfermedades crónicas no transmisibles, así como su importancia para el médico de familia y el pediatra general en la práctica médica diaria, encaminado a su prevención en etapas ulteriores del desarrollo humano.

  10. Relación de medidas bovinométricas y de composición corporal in vivo con el peso de la canal en novillos Brahman en el valle del Sinú.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvarez F. L. A.

    2004-12-01

    Full Text Available En dos hatos de cría y ceba de la costa caribe de Colombia (50 msnm, 28°C y 65% de humedad relativa se formaron dos grupos contemporáneos de machos Brahman para evaluar el crecimiento posdestete y producción de carne (pesos, bovinometría, medidas de composición corporal y canal: Un grupo de 17 Brahman Rojo (BR y otro de 23 Brahman Gris (BG fueron cebados en praderas de Angleton Dichantium aristatum. El Peso Ajustado al Destete (PAD, Peso Ajustado al Año (PAA, Peso Ajustado a los 18 meses (PA18, Peso Ajustado a los 24 meses (PA24 para machos BG y BR fueron respectivamente: 211, 229, 418 y 477 kg; y 240, 246, 386 y 432 kg. Diferencias en crecimiento posdestete fueron encontradas entre variedades Brahman (< 0.05. También hubo diferencias significativas (<0.05 para medidas de Longitud Corporal y Perímetro torácico. En Medidas de Área de Ojo de Lomo (AOL18 se hallaron diferencias significativas (<0.05. En general, se observaron correlaciones altas entre medidas de peso y medidas bovinométricas. Las correlaciones más altas (> 0.80 entre medidas in vivo y en Canal fueron entre Peso de Canal/Total Carne Aprovechable (PCC/TCA y PA18, AOL18 y PCC/TCA, y estas fueron predictivas, sirviendo para obtener modelos de regresión que calcularon el PCC y TCA. ABSTRACT Relationship between linear and body composition measurements with carcass weight In Brahman steers in the Sinu valley. In two finishing ranches located at the caribean coast of Colombia at 50 m.a.s.l., 29°C and relative humidity of 65%, was carried out a postweaning growth and beef production study (weight, body, composition and carcass measurements using two comtemporary groups of Brahman steers. A group made up of seventeen pure Red Brahman RB and the other of 23 pure Grey Brahman GB was finishing in grazing system on pasture Dichantium aristatum. Body weight at Weaning Weight WW, Yearling Weight YW, 18 months, weight 18W and 24 months weight 24W for GB and RB respectively

  11. Obesidade e excesso de peso em adultos indígenas Xukuru do Ororubá, Pernambuco, Brasil: magnitude, fatores socioeconômicos e demográficos associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thatiana Regina Fávaro

    2015-08-01

    Full Text Available Este estudo transversal visa a descrever a distribuição de excesso de peso e obesidade e sua associação com variáveis demográficas e socioeconômicas entre 794 adultos indígenas, de 19 a 59 anos, da etnia Xukuru do Ororubá, povo indígena cujas terras estão localizadas no Município de Pesqueira, agreste de Pernambuco, Brasil. A análise da associação entre as variáveis de desfecho, excesso de peso (IMC > 24,99kg/m2 e obesidade (> 29,99kg/m2 e as variáveis explicativas foi realizada utilizando-se regressão logística multinível. Entre as mulheres, 52,2% estavam com excesso de peso e 21% obesas. Para os homens, as prevalências foram de 44,1% e 7,5%, respectivamente. As variáveis sexo feminino e idade (> 30 anos estiveram associadas à ocorrência de ambos os agravos. Status socioeconômico e interação sexo masculino e renda per capita elevada apresentaram associação com obesidade. Assim como observado em outras populações indígenas, os achados sugerem que os Xukuru estão atravessando um acelerado processo de transição nutricional.

  12. Estado nutricional de crianças índias do Alto Xingu em 1980 e 1992 e evolução pondero-estatural entre o primeiro e o quarto anos de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro Batista de Morais

    Full Text Available Os objetivos deste estudo realizado com a população infantil do Alto Xingu foram: (1 analisar a evolução do peso e da estatura entre o primeiro e o quarto anos de vida, (2 comparar o estado nutricional em 1980 e 1992. Avaliaram-se o peso e a estatura de: (1 81 crianças no primeiro e no quarto ano de vida; (2 264 crianças avaliadas em 1980 e de 172 em 1992 (idade < 10 anos. As medianas dos escores Z das 81 crianças examinadas no primeiro e no quarto ano de vida revelaram: (1 diminuição do peso para a idade (-0,12 no primeiro ano e -0,51 no quarto ano de vida; p = 0,002; (2 diminuição do peso para a estatura (+1,31 e +0,08; p < 0,001; (3 aumento da estatura para a idade (-1,50 e -0,94, p < 0,001. Entre 1980 e 1992, observou-se: (1 manutenção do peso para a idade (-0,61 em 1980 e -0,62 em 1992; p = 0,90; (2 manutenção do peso para a estatura, (+0,27 e +0,34; p = 0,10; e (3 redução da estatura para a idade (-1,04 e -1,22; p = 0,02. Entre o primeiro e quarto ano de vida observou-se redução do déficit de estatura para a idade e do excesso de peso para a estatura. Entre 1980 e 1992, observou-se diminuição da estatura para idade, indicando a necessidade de monitorização do estado nutricional desta comunidade.

  13. Heterosis para pesos a los 18 meses y sacrificio en un hato cebú-cruzado.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Llano Arango Juan David

    2003-12-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación fue evaluar comparativamente los pesos o los 18 meses y al sacrificio de machos cruzados ¼ , bos taurus (aberdeen angus. holstein, simmental americano, simmental alemán por cebú y animales brahman puros cebú comercial y mestizos.

  14. Resenha de: Le "Peso Politico de Todo el Mundo" d'Anthony Sherley ou Un

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eurípedes Simões de Paula

    1963-09-01

    Full Text Available FLORES (Xavier A.. — Le "Peso Politico de Todo el Mundo" d'An-thony Sherley ou Un Aventurier au Service de I'Espagne. École Pratique des Hautes Études. VIe section. Centre de Recherches Historiques. Paris. S.E.V.P.E.N. Collection "Bi-bliothèque générale". 1963.

  15. Maternal Nutritional Factors and Low Birth Weight in a Health Area Factores nutricionales maternos y el bajo peso al nacer en un área de salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amarelis Rodríguez Fuentes

    2013-04-01

    casos y controles entre enero 2006 y diciembre 2008. Se estudiaron 50 madres de recién nacidos bajo peso (casos y 100 madres de niños normopesos (controles a razón de 2 por cada caso, seleccionadas del registro de nacimientos del área. Se revisaron las historias clínicas obstétricas y se entrevistó a cada paciente para evaluar sus hábitos alimentarios según frecuencia de comidas y grupos de alimentos consumidos. El procesamiento de la información se realizó utilizando el programa estadístico SPSS versión 15,0. Los resultados se presentaron en tablas con frecuencias absolutas, porcentajes y resultados de las técnicas estadísticas empleadas. Resultados: se comportaron como factores de riesgo: la edad materna, el estado nutricional al inicio del embarazo, la ganancia de peso durante la gestación y la hemoglobina del tercer trimestre. Las mujeres con hábitos alimentarios inestables e insuficientes tuvieron 33 veces más probabilidades de tener neonatos bajo peso y las que refirieron dietas no saludables según grupos de alimentos consumidos tuvieron 9 veces más riesgo. Conclusiones: los factores nutricionales maternos influyeron en la incidencia del bajo peso al nacer, fundamentalmente los hábitos alimentarios inadecuados.

  16. Peso corporal e estado hídrico de triatletas no Ironman Brasil: Um fator de correção

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Lemos

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O triatlo Ironman é uma prova de longa duração em que comumente se observam alterações hidroeletrolíticas. A desidratação e hiponatremia são prevalentes e o diagnóstico diferencial entre elas deve levar em conta a variação de peso corporal do atleta. Contudo, deve-se considerar também que as variações são um somatório de fontes hídricas e não hídricas, sendo necessário aplicar um fator de correção para avaliação do real estado hídrico do atleta. Objetivo: Avaliar o estado hídrico do atleta baseado nas variações de peso corporal sem e com aplicação de fator de correção.MÉTODO: Vinte e seis atletas foram pesados em três momentos distintos (dois dias antes da prova, imediatamente antes e após a realização. O estado hídrico foi classificado com base no cálculo da variação percentual de peso corporal isolado e com aplicação do fator de correção de 1 kg proporcional ao atleta de 70 kg. Além disso, foram registrados os principais sinais clínicos e sintomas referidos.RESULTADOS: Nas 48 horas que antecederam a largada houve um ganho médio de peso de 1,2 kg. Após a prova, vinte e três (88,4% atletas foram classificados como desidratados inicialmente, porém após a aplicação do fator de correção à variação do peso, esse número caiu para 12 (46,1%. Dos classificados como desidratação severa houve redução de 7 (26,2% para nenhum atleta. Dez atletas (3,8% apresentaram sinais e sintomas de desidratação.CONCLUSÃO: A classificação do estado de hidratação baseado nas perdas hídricas durante a prova foi significativamente modificado pela aplicação do fator de correção, sendo sua utilização justificada pelas evidências de que o ganho de peso nas 48 horas anteriores à prova está possivelmente relacionado ao acúmulo muscular de glicogênio e água (fontes não hídricas intravasculares.

  17. Teste de sentar-levantar: influência do excesso de peso corporal em adultos Sitting-rising test: influence of excess body weight in adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djalma Rabelo Ricardo

    2001-04-01

    Full Text Available As ações de sentar e levantar do solo integram o repertório motor de crianças e adultos e demandam força e potência muscular, flexibilidade de membros inferiores, equilíbrio e coordenação motora e são provavelmente influenciadas pelas dimensões corporais. Araújo (1999 propôs um procedimento simples, denominado de teste de sentar-levantar (TSL, para avaliar a destreza nessas ações. Neste estudo verificou-se a influência do excesso de peso corporal sobre o desempenho no TSL. Todos os 461 (288 homens/173 mulheres adultos submetidos à avaliação na Clinimex, entre setembro de 1998 e junho de 2000, que realizaram o TSL foram retrospectivamente analisados. No TSL, os resultados variam de 0 a 5, separadamente para o sentar e para o levantar, perdendo-se um ponto para cada apoio utilizado (ex.: mão ou joelho e meio ponto quando há desequilíbrio perceptível. A relação peso/altura foi avaliada por três métodos distintos: índice de massa corporal (IMC-peso (kg/altura² (m -, recíproco do índice ponderal (RIP -altura (cm/peso1/3 (kg e ectomorfia. Existe uma relação inversa entre o desempenho no TSL e o excesso de peso em relação à altura nos três métodos nos dois sexos (p 25kg/m² ou ectomorfia Sitting and rising from the floor belong to child and adult motor repertoire, demanding muscle strength and power, lower limb flexibility, and motor coordination, and are probably influenced by body dimensions. Araújo (1999 suggested a simple procedure, denominated Sitting-Rising Test (SRT, to evaluate the ability in these actions. In this study, the authors verified the influence of excess body weight on SRT performance. All 461 adults (288 male /173 female submitted to medical examination between September 1998 and June 2000 and that performed SRT were retrospectively analyzed. In SRT, scores range from 0 to 5, separately for sitting and rising. One point is subtracted for each support used in the action (e.g. hand or knee and

  18. Impacto do estado nutricional no peso ao nascer de recém-nascidos de gestantes adolescentes Nutritional status impact on the birth weight of newborns pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Fontes Ferreira da Silva Guerra

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o impacto do estado nutricional de gestantes adolescentes no peso do recém-nascido. MÉTODOS: EM Estudo de coorte histórica foram avaliadas 97 gestantes adolescentes atendidas no período de maio a junho de 2004 e seus recém-nascidos. Foram incluídas gestantes entre 10 e 19 anos, internadas em trabalho de parto, e excluídas aquelas com gravidez múltipla, complicações gestacionais, idade gestacional menor do que 37 semanas e dados incompletos no prontuário. A avaliação do estado nutricional materno incluiu altura, índice de massa corporal (IMC pré-gestacional, ganho de peso gestacional (GPG e consumo calórico e protéico, obtidos por relatórios de consumo alimentar habitual no final do terceiro trimestre gestacional. A associação entre as variáveis maternas (altura, IMC pré-gestacional, GPG e consumo e o peso do recém-nascido foi analisada pelo teste de correlação de Spearman. O nível de significância de erro alfa foi de 5% (pPURPOSE: to evaluate the impact of the nutritional status of pregnant adolescents on the birth weight. METHODS: a cohort study including 97 adolescents and their respective newborns, evaluated from May to June, 2004. Pregnant women from 10 to 19 years old in labor were included in the study, and those with multiple pregnancies, complications, less than 37 weeks gestation, and incomplete data records were excluded. Maternal nutritional status evaluation included height, body mass index (BMI before pregnancy, gestational weight gain (GWG and caloric-proteic intake, obtained by habitual food intake recordatory by the end of the third gestational trimester. The association between maternal variables (height, pre-gestational BMI, GWG and intake and the newborn weight was analyzed by Spearman's correlation test. Statistical significance was assumed when p<0.05. RESULTS: the mean age was 17.8±1.12 years old. Most adolescents (66% started pregnancy with adequate weight, 29% had low weight

  19. Estudo comparativo de sete diferentes modelos estatísticos para a característica ganho de peso em bovinos de corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Henrique Dorneles

    2000-01-01

    Full Text Available Foram analisadas uni e bivariadamente as características ganho de peso do nascer à desmama e ganho de peso pós-desmama de 4883 animais, filhos de 328 touros da raça Charolês, com o objetivo de comparar diferentes modelos ao considerado mais completo, porém de mais difícil aplicabilidade. Os modelos estudados foram o MA1, modelo animal que inclui os efeitos genético direto do animal e genético materno; MA2, modelo animal que inclui o efeito aditivo direto do animal e o efeito de ambiente permanente; MA3, que inclui os três efeitos já citados (considerado o "melhor"; MA4, modelo animal que inclui apenas o efeito aditivo direto; MTV, modelo touro-vaca que inclui o efeito genético direto do pai, além dos efeitos genéticos materno e de ambiente permanente; MT1, modelo touro com efeito genético aditivo direto do pai e efeito de ambiente permanente; e MT2, modelo touro com apenas efeito direto do pai. Com base nos resultados, observou-se diferença estatística somente entre os modelos MA4 e MT2, em relação ao MA3, para o ganho de peso do nascer à desmama. Concluiu-se que, para a característica pré-desmama, a inclusão de pelo menos um dos efeitos (genético materno ou ambiental foi indicada, enquanto para a pós-desmama até mesmo modelos mais simples como o MA4 e o MT2 podem ser utilizados para substituir o modelo mais complexo (MA3. As análises bivariadas são indicadas, principalmente por apresentarem as correlações genéticas entre as características.

  20. Imagem corporal e sua relação com peso e índice de massa corporal em bailarinos profissionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joseani Paulini Neves Simas

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: A imagem corporal é fenômeno multidimensional, dinâmico e vinculado ao corpo em movimento. Uma vez que o corpo é o instrumento de expressão na dança, dependendo da técnica de dança adotada pelo bailarino, demanda por um padrão estético, podendo estar relacionado à satisfação com a imagem corporal. Objetivo: Investigar a satisfação com a imagem corporal e sua relação com a percepção do peso e o índice de massa corporal em bailarinos profissionais brasileiros. Métodos: Foram estudados 181 bailarinos (105 clássicos e 76 contemporâneos de companhias de dança da elite brasileira. As variáveis sociodemográficas, da prática e antropométricas foram obtidas por meio de informações autoreferidas. Utilizou-se a Escala de Silhuetas de Stunkard para avaliação da satisfação da imagem corporal. Os dados foram analisados utilizando-se a estatística descritiva (frequência, média e desvio padrão e inferencial não paramétrica (testes do Qui-quadrado, Spearman e U de Mann-Whitney. Em todas as análises adotou-se p ≤ 0,05. Resultados: Os bailarinos de ambas as técnicas de dança estão com IMC dentro da faixa da normalidade; houve diferenças estatísticas do IMC, percepção do peso e satisfação com a imagem corporal entre as técnicas de dança investigadas, estando os clássicos insatisfeitos por excesso de peso, desejando pesar menos, enquanto que os contemporâneos parecem estar satisfeitos e desejam pesar mais; os valores das correlações entre a satisfação da imagem corporal com IMC e com PPC foram baixos, somente havendo correlação negativa da SIC com IMC na dança contemporânea. Conclusão: Destaca-se que a técnica de dança adotada pelos bailarinos profissionais e padrões antropométricos pode estar relacionada a satisfação com a imagem corporal.

  1. Autoeficacia y locus de control: variables predictoras de la autorregulación del peso en personas obesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zoraide Lugli Rivero

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo. La presente investigación tuvo por objetivo determinar la capacidad predictiva de la autoeficacia percibida y el locus del control en la autorregulación del peso, en personas obesas que asisten a tratamiento médico en diferentes centros de salud privados de la ciudad de Maracay, Venezuela. Método. Concretamente, se realizó una investigación no experimental, bajo un diseño correlacional, de corte transversal, en una muestra de 243 personas obesas. Se administraron, de forma individual y en formato papel y lápiz, el Inventario de autorregulación del peso, Inventario de autoeficacia percibida en la regulación del peso e Inventario de locus de control del peso. Resultados. Los resultados del estudio demuestran que las personas obesas que se sienten capaces de controlar su peso, y a la vez tienen creencias débiles de que su peso depende de sus acciones, son aquellas que reportan mayor autorregulación del peso. Conclusión. Estos resultados sugieren aspectos a considerar en los tratamientos cognitivo-conductuales dirigidos al control de la obesidad. Específicamente,las intervenciones deben dirigirse a entrenar a personas en tratamiento de la obesidad en habilidades de autorregulación y cambio de creencias relacionadas con su peso.

  2. METODOLOGÍAS Y EFECTOS DE LAS CAÍDAS DE PESO EN LUCHA OLÍMPICA: UNA REVISIÓN Methodologies and effects of weight cutting approaches in Olympic Wrestling: a review

    OpenAIRE

    Arturo Díaz Suárez; Xabier Muriel; Ernesto de la Cruz; María Dolores Torres-Bonete; Jesús García-Pallarés

    2011-01-01

    ResumenLa Lucha fue un deporte fundamental en los Juegos Olímpicos antiguos y todavía hoy sigue siendo una de las modalidades más populares en el Juegos Olímpico modernos. Actualmente, la Lucha Olímpica es un deporte de combate basado en un sistema de categorías por pesos que trata de equilibrar el potencial físico entre rivales, y por consiguiente aumentar el porcentaje del rendimiento que depende de las habilidades técnico-tácticas y psicológicas que cada luchador demuestra sobre el tapiz. ...

  3. Tempo de jejum dos suínos no manejo pré-abate sobre a perda de peso corporal, o peso do conteúdo estomacal e a incidência de úlcera esofágica-gástrica Relation of fasting time during pre-slaughter management to weight loss, weight of stomach contents and incidence of gastric ulcer in pigs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Antonio Dalla Costa

    2008-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do tempo de jejum (9, 12, 15 e 18 horas dos animais na granja (TJG e da posição na carroceria do caminhão (PBO durante o transporte da granja ao frigorífico sobre: a perda de peso corporal (PPC, o peso do estômago cheio (PEC e vazio (PEV, o peso do conteúdo estomacal (PCE e o escore de lesão na mucosa esofágica-gástrica (ELG. Foram utilizadas 192 fêmeas, com peso vivo médio de 134,51±11,80kg. No modelo, foram considerados os efeitos de bloco (estação do ano, BL, TJG, PBO e da interação entre BL x TJG. Verificou-se efeito significativo do TJG apenas sobre o peso do conteúdo estomacal. Não se observou efeito significativo da PBO sobre qualquer das variáveis avaliadas. Dos suínos avaliados, 90,3% apresentaram PEC menor que 500 gramas e 8,56% com PEC entre 500 e 800 gramas. A prevalência de suíno com ELG foi baixa (14,97%, sendo que, dos animais com ELG, 13,90% apresentaram lesão de grau 1 e 1,09% eram grau dois. Conclui-se que animais submetidos a jejum na granja de 15 horas apresentam menor peso do conteúdo estomacal ao abate.The objective of this study was to evaluate the effect of fasting time period (9, 12, 15 and 18 hours at the farm (TJG and the pig’s position in the lorry’s livestock compartment (PBO during the transport from the farm to the processing plant on: body weight loss (PPC, weight of stomach (full= PEC and empty= PEV, weight of stomach contents (PCE, and incidence of gastric ulcer (ELG. A total of 192 females with average 34.51±11.80kg of body weigh were used. The statistical model considered the effects of: block (season, BL, TJG, PBO and the interaction between BL and TJG. There was a significant effect of TJG only on stomach content. There was no effect of PBO on any of the evaluated variables. A PEC inferior to 500g was observed in 90.3% of the animals, while 8.56% of the pigs presented PEC between 500 and 800g. Incidence of ELG was low (14.97%, and

  4. Insatisfação com o peso corporal e fatores associados em adolescentes Body weight dissatisfaction and associated factors among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovâni Firpo Del Duca

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a ocorrência de insatisfação com peso corporal e os fatores associados em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal, representativo dos escolares de 15 a 19 anos de escolas públicas de Santa Catarina, no ano de 2002. O desfecho do estudo foi a satisfação com o peso corporal, avaliada pela pergunta: "Você está satisfeito(a com seu peso corporal?". As variáveis avaliadas foram: sexo, idade, renda familiar, local de residência, estado nutricional, tempo semanal assistindo televisão, tabagismo e autopercepção de saúde. Investigaram-se também os seguintes comportamentos alimentares: tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e realizar, no mínimo, três refeições/dia. Empregou-se regressão multinomial nas análises bruta e ajustada. RESULTADOS: Dentre os adolescentes avaliados (n=5.028, 16,7% (IC95%: 15,7-17,7 estavam insatisfeitos com seu peso e gostariam de aumentá-lo, e 36,2% (IC95%: 34,9-37,5 gostariam de diminui-lo. Tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e não realizar, no mínimo, três refeições/dia foram mais frequentes entre aqueles que gostariam de reduzir o peso. Após análise ajustada, os fatores associados ao desejo de aumentar o peso foram: sexo masculino, idade >17 anos, residir na zona urbana, não ter excesso de peso e autopercepção de saúde negativa. Já os fatores associados ao desejo de diminuir o peso foram: sexo feminino, residir na zona urbana, ter excesso de peso e uma percepção negativa de saúde. CONCLUSÕES: Encontrou-se alta prevalência de insatisfação com o peso, sendo as variáveis sexo, estado nutricional e autopercepção de saúde os fatores mais fortemente associados a tal comportamento.OBJECTIVE: To assess the prevalence of body weight dissatisfaction among adolescents and the associated factors. METHODS: Population-based cross-sectional study covering a sample of students with ages from 15 to 19 years

  5. Prevalência e fatores associados ao excesso de peso em adultos: inquérito populacional em Rio Branco, Acre, Brasil, 2007-2008 Prevalence of overweight and associated factors in adults: a population survey in Rio Branco, Acre State, Brazil, 2007-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Zago Ramos Lino

    2011-04-01

    Full Text Available Estudos populacionais no Brasil apontam aumento da prevalência de excesso de peso e obesidade na população adulta, em todas as regiões. O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência e identificar os principais fatores associados ao excesso de peso em adultos, em Rio Branco, Acre, Brasil, por meio de um estudo transversal de base populacional com amostra composta de 1.469 adultos. A análise multivariada foi realizada através de regressão de Poisson, adotando-se, como variável dependente, excesso de peso (IMC > 25kg/m². A prevalência de excesso de peso foi observada em 46,9% da amostra, sendo mais elevada entre as mulheres. Observou-se tendência de aumento do excesso de peso com o aumento da idade em ambos os gêneros. Observaram-se associações entre o excesso de peso e variáveis socioeconômicas, demográficas e morbidades como hipertensão arterial e dislipidemias. A alta prevalência de excesso de peso em adultos de ambos os sexos sugere um problema de saúde pública. Tornam-se necessárias medidas de controle e prevenção dos riscos à saúde associados ao excesso de peso.Population studies in Brazil have shown an increased prevalence of overweight and obesity in adult populations in all regions of the country. The objective was to estimate prevalence and identify risk factors associated with overweight among adults in Rio Branco, Acre State, Brazil. The study included a cross-sectional population-based sample of 1,469 adults. Multivariate analysis was performed using Poisson regression, taking overweight (BMI > 25kg/m² as the dependent variable. Prevalence of overweight was 46.9%, higher among women. Overweight tended to increase with age in both men and women. Overweight was associated with socioeconomic, demographic, and morbidity variables such as hypertension and dyslipidemia. The high prevalence of overweight in adults of both sexes suggests a public health problem. Control measures and prevention of health risks

  6. Associação genética da prenhez aos 16 meses com o peso à desmama e o ganho de peso em animais da raça Nelore Genetic associations of heifer pregnancy at 16 months with weaning weight and average daily gain from weaning to yearling in Nellore cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Shiotsuki

    2009-07-01

    Full Text Available Objetivou-se verificar a possibilidade de utilização da prenhez de novilhas aos 16 meses (Pr16 como critério de seleção e as possíveis associações genéticas entre prenhez em novilhas aos 16 meses e o peso à desmama (PD e o ganho de peso médio da desmama ao sobreano (GP. Foram realizadas análises uni e bicaracterísticas para estimação dos componentes de co-variância, empregando-se um modelo animal linear para peso à desmama e ganho de peso da desmama ao sobreano e não-linear para Pr16. A estimação dos componentes de variância e da predição dos valores genéticos dos animais foi realizada por Inferência Bayesiana. Distribuições "flat" foram utilizadas para todos os componentes de co-variância. As estimativas de herdabilidade direta para Pr16, PD e GP foram 0,50; 0,24 e 0,15, respectivamente, e a estimativa de herdabilidade materna para o PD, de 0,07. As correlações genéticas foram -0,25 e 0,09 entre Pr16, PD e GP, respectivamente, e a correlação genética entre Pr16 e o efeito genético materno do PD, de 0,29. A herdabilidade da prenhez aos 16 meses indica que essa característica pode ser utilizada como critério de seleção. As correlações genéticas estimadas indicam que a seleção por animais mais pesados à desmama, a longo prazo, pode diminuir a ocorrência de prenhez aos 16 meses de idade. Além disso, a seleção para maior habilidade materna favorece a seleção de animais mais precoces. No entanto, a seleção para ganho de peso da desmama ao sobreano não leva a mudanças genéticas na precocidade sexual em fêmeas.The objective of the present study was to determine the possible use of heifer pregnancy at 16 months (HP16 as a selection criterion and its possible genetic associations with weaning weight (WW and average daily gain from weaning to yearling (ADGWY. Covariance components were estimated by uni and bivariate animal models assuming a linear model for weaning weight and average daily gain from

  7. Efeito do peso do suíno em terminação ao início da restrição alimentar sobre o desempenho e a qualidade da carcaça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bertol Teresinha Marisa

    2001-01-01

    Full Text Available Foi desenvolvido um estudo para determinar em que peso vivo deve se iniciar a restrição alimentar (RA, visando à melhoria do desempenho e da qualidade da carcaça em suínos machos castrados e fêmeas em terminação, alimentados com ração farelada, no período de inverno. Foram comparados quatro tratamentos: T1 - alimentação à vontade (AV até o abate; T2 - AV até os 90 kg PV e após restrição alimentar (RA de 10%; T3 - AV até os 75 kg peso e após RA de 10%; T4 - AV até os 60 kg PV e após RA de 10%. O experimento iniciou-se com peso vivo inicial dos animais de 52,58 ± 2,34 kg PV e encerrou-se com o peso de 119,27 ± 1,99 kg PV, quando os animais foram abatidos. A restrição alimentar iniciada em qualquer idade reduziu o ganho de peso diário (GPD, mas não melhorou a conversão alimentar (CA nem as características de carcaça dos machos castrados. Nas fêmeas, o GPD só foi reduzido naquelas que iniciaram a RA aos 60 kg peso, não havendo melhora da CA e nem da qualidade da carcaça com a RA iniciada em qualquer idade. Portanto, suínos com alto potencial para deposição de carne magra e baixo consumo voluntário de alimento, alimentados com dietas fareladas e contendo níveis adequados de aminoácidos, não respondem à restrição de energia com início entre os 60 e 90 kg PV para melhorar o desempenho e a qualidade da carcaça.

  8. Estado de peso, condición física y satisfacción con la vida en escolares de educación primaria. Estudio piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrés Rosa Guillamón

    2016-12-01

    Full Text Available La condición física es un marcador biológico del estado general de salud, así como un potente predictor de longevidad y calidad de vida desde la infancia. El propósito de este estudio fue analizar la asociación entre el estado de peso, la condición física y la satisfacción vital en escolares. La muestra de estudio fue de 214 escolares (120 niñas y 94 niños de edades entre 8 y 11 años. Se midió el peso y la talla y se calculó el índice de masa corporal (IMC. Se evaluó la fuerza muscular, la velocidad de desplazamiento-agilidad y la capacidad aeróbica mediante pruebas de la Batería ALPHA-Fitness. Se categorizó a los escolares según su nivel de condición física (baja, media y alta y su estado de peso (normo-peso, sobrepeso y obesidad. La satisfacción con la vida se midió a través de la Escala de satisfacción con la vida; los análisis estadísticos indican que los escolares con obesidad poseen valores inferiores en dicha escala. Además, los escolares con un nivel medio-alto de condición física presentan registros más elevados en la escala de valoración de la satisfacción vital. Los resultados de este trabajo de investigación sugieren que el estado del peso y la condición física podrían ser factores determinantes en la percepción de satisfacción vital en escolares de 8 a 11 años.

  9. Fatores de risco para mortalidade neonatal em crianças com baixo peso ao nascer Factores de riesgo para mortalidad neonatal en niños con bajo peso al nacer Risk factors for neonatal mortality among children with low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adolfo Monteiro Ribeiro

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores de risco associados aos óbitos neonatais em crianças com baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte, composto pelos nascidos vivos com peso entre 500 g e 2.499 g, residentes no Recife (PE, entre 2001 e 2003, produtos de gestação única e sem anencefalia. Os dados sobre os 5.687 nascidos vivos e 499 óbitos neonatais, provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade, foram integrados pela técnica de linkage. Em modelo hierarquizado, as variáveis dos níveis distal (fatores socioeconômicos, intermediário (fatores de atenção à saúde e proximal (fatores biológicos foram submetidas à análise univariada e regressão logística multivariada. RESULTADOS: Com o ajuste das variáveis na regressão logística multivariada, as variáveis do nível distal que permaneceram significantemente associadas com o óbito neonatal foram: a coabitação dos pais, número de filhos vivos e tipo de hospital de nascimento; no nível intermediário: número de consultas no pré-natal, complexidade do hospital de nascimento e tipo de parto; e no nível proximal: sexo, idade gestacional, peso ao nascer, índice de Apgar e presença de malformação congênita. CONCLUSÕES: Os principais fatores associados à mortalidade neonatal nos nascidos vivos com baixo peso estão relacionados com a atenção à gestante e ao recém-nascido, redutíveis pela atuação do setor saúde.OBJETIVO: Analizar los factores de riesgo asociados a los óbitos neonatales en niños con bajo peso al nacer. MÉTODOS: Se realizó un estudio de cohorte, compuesto por los nacidos vivos con peso entre 500 g y 2.499 g, residentes en Recife (Noreste de Brasil, entre 2001 y 2003, productos de gestación única y sin anencefalia. Los datos sobre los 5.687 nacidos vivos y 499 óbitos neonatales, provenientes del Sistema de Informaciones sobre Nacidos Vivos y del Sistema de

  10. Endostatin (EntreMed).

    Science.gov (United States)

    Grosios, K

    2000-07-01

    EntreMed has licensed the worldwide rights to the angiogenesis inhibitor Endostatin, a 20 kDa C-terminal fragment of collagen XVIII, from the Children's Hospital of Boston, a teaching affiliate of Harvard Medical School. It is being developed as a potential cancer treatment and may also be useful in certain types of blindness and arthritis [227427]. EntreMed filed an IND for Endostatin in June 1999 [334125] and as of September 1999, phase I trials were underway [341462]. As of April 2000, the company had initiated plans for testing low doses of Endostatin in cancer patients using continuous infusion and sc administration in a further phase I study to be conducted in Europe [361594]. A phase I trial of Endostatin which will evaluate the safety and efficacy of Endostatin at a range of doses in no more than 100 cancer patients has been initiated. The trial will take place at the University of Texas MD Anderson Medical Center and the University of Wisconsin Cancer Center in Madison. The National Cancer Center will be sponsoring the trial, which is expected to be completed in late 2000. As of March 2000, there had been no serious adverse events attributable to Endostatin administration. The first report from this trial is expected in autumn 2000 [341462], [366312]. The mechanism of action for Endostatin remains unclear, although reports from the 91st AACR Meeting in April 2000 showed that recombinant human endostatin bound to a number of tropomyosin cDNAs in a library screen [362039]. In preclinical studies, repeated administration of Endostatin consistently shrank primary tumors and did not produce any drug resistance. In mice, a variety of tumors which had progressed to 1 to 2% of total body weight, regressed to microscopic, dormant lesions following Endostatin treatment [231418], [231470], [270673]. Types of cancers which respond to Endostatin include lung, skin, vascular and fibrosarcomas. Toxicology studies in cynomolgus monkeys showed that bolus injections of

  11. Consumo, digestibilidade e excreção de uréia e derivados de purinas em novilhas de diferentes pesos Intake, digestibility and urinary excretion of urea and purine derivatives in heifers with different body weights

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Luiz Chizzotti

    2006-08-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a influência do peso vivo de novilhas sobre o consumo e a digestibilidade da MS, MO, EE, PB, fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp e carboidratos não-fibrosos corrigidos (CNFcp, os consumos de NDT e de proteína degradada no rúmen (PDR, a produção de proteína microbiana e a excreção de compostos nitrogenados na urina e comparar as metodologias de coleta spot e de coleta total de urina. Foram utilizadas 22 novilhas com cinco diferentes pesos (523, 453, 315, 235 e 118 kg, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (P523, P453, P315, P235 e P118. A alimentaç��o foi constituída de silagem de milho e concentrado, fornecido na proporção de 1,5 kg/dia (tratamentos P523, P453, P315 e P235 ou 2 kg/dia (tratamento P118. Os consumos dos nutrientes em kg/dia e em %PV aumentaram e diminuíram linearmente, respectivamente, com o aumento do peso dos animais. As digestibilidades da MS, MO e o teor de NDT não diferiram entre os tratamentos, enquanto as de PB e FDNcp foram distintas entre os tratamentos, sendo maior e menor, respectivamente, no tratamento P118. A excreção de uréia na urina (em mg/kgPV foi maior no tratamento P118, variando com o peso vivo e com o consumo de PB e PDR. A produção microbiana, estimada pela excreção urinária de derivados de purinas, não diferiu entre as metodologias de coleta spot e coleta total de urina, sendo menor no tratamento P118. A coleta de urina spot pode ser utilizada para estimativa da excreção de compostos nitrogenados na urina, independentemente do peso vivo. A quantidade de nutrientes ingeridos diariamente aumenta com o peso vivo, entretanto, o consumo desses nutrientes, expresso em %PV, diminui à medida que o peso vivo aumenta.The objective of this trial was to evaluate the effect of body weight (BW of heifers on intake, apparent digestibility of nutrients, microbial protein synthesis, ruminal metabolism

  12. Mobile health e excesso de peso: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flavio Sarno

    2014-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto da utilização das tecnologias de mobile health (mHealth - prática da medicina ou saúde pública através de dispositivos móveis, como telefones celulares - na prevenção do ganho de peso ou tratamento do excesso de peso ou da obesidade. MÉTODOS: Foi realizada uma revisão sistemática de literatura utilizando-se a base de dados PubMed e as recomendações do protocolo PRISMA para revisões sistemáticas. Foram incluídos estudos de intervenção que avaliaram o impacto das tecnologias mHealth nas seguintes variáveis antropométricas: peso, índice de massa corporal (IMC ou circunferência abdominal em adultos. RESULTADOS: Dos 98 artigos localizados, 14 atenderam aos critérios de inclusão e foram analisados no estudo de revisão. Dos artigos analisados, apenas dois avaliaram a prevenção do ganho de peso ao invés do tratamento do excesso de peso ou da obesidade. O uso de tecnologia mHealth teve efeitos positivos sobre os desfechos antropométricos em 13 artigos. Apenas um artigo não encontrou efeito no grupo que utilizou essas tecnologias. Oito artigos observaram impacto no IMC e sete na circunferência abdominal. O telefone celular foi a tecnologia mais utilizada, principalmente por meio do envio de mensagens de texto. CONCLUSÕES: As tecnologias mHealth apresentam potencial para serem utilizadas como ferramentas de prevenção e tratamento de excesso de peso e obesidade, principalmente com o uso de tecnologias como telefone celular e mensagens de texto, que já estão incorporadas ao cotidiano de grande parte da população.

  13. Avaliação da relação entre espaço morto e volume corrente como índice preditivo de falha de extubação Evaluation of the dead space to tidal volume ratio as a predictor of extubation failure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albert Bousso

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo foi avaliar a relação entre espaço morto e volume corrente (VD/VT como preditivo de falha na extubação de crianças sob ventilação mecânica. MÉTODOS: Entre setembro de 2001 e janeiro de 2003, realizamos uma coorte, na qual foram incluídas todas as crianças (1 dia-15 anos submetidas a ventilação mecânica na unidade de terapia intensiva pediátrica em que foi possível realizar a extubação e a ventilometria pré-extubação com a medida do índice VD/VT. Considerou-se falha na extubação a necessidade de reinstituição de algum tipo de assistência ventilatória, invasiva ou não, em um período de 48 horas. Para a análise dos pacientes que foram reintubados, definiu-se como sucesso-R a não reintubação. Para as análises estatísticas, utilizou-se um corte do VD/VT de 0,65. RESULTADOS: No período estudado, 250 crianças receberam ventilação mecânica na unidade de terapia intensiva pediátrica. Destas, 86 compuseram a amostra estudada. Vinte e uma crianças (24,4% preencheram o critério de falha de extubação, com 11 (12,8% utilizando suporte não-invasivo e 10 (11,6% reintubadas. A idade média foi de 16,8 (±30,1 meses, e a mediana, de 5,5 meses. A média do índice VD/VT de todos os casos foi de 0,62 (±0,18. As médias do índice VD/VT para os pacientes que tiveram a extubação bem sucedida e para os que falharam foram, respectivamente, 0,62 (±0,17 e 0,65 (±0,21 (p = 0,472. Na regressão logística, o índice VD/VT não apresentou correlação estatisticamente significativa com o sucesso ou não da extubação (p = 0,8458, nem para aqueles que foram reintubados (p = 0,5576. CONCLUSÕES: Em uma população pediátrica submetida a ventilação mecânica, por etiologias variadas, o índice VD/VT não possibilitou predizer qual a população de risco para falha de extubação ou reintubação.OBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the ratio of dead space to tidal volume

  14. Análisis de perfiles de difracción de una aleación Cu –2 % en peso Cr –6 % en peso Mo, aleada mecánicamente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aguilar, C.

    2008-06-01

    Full Text Available By X-ray diffraction line profile analysis it is possible to obtain valid information of structure and properties of materials. This method is a powerful tool for nanomaterials microstructure characterization. In the present work mechanical alloying of ternary system Cu -2 wt. % Cr -6 wt. % Mo was made between 0.25 and 4 h of milling. By means of modified Warren-Averbach and Williamson-Hall methods the crystallite size, dislocation density, microstrain and average distance between dislocations were estimated. The crystallite size values were corrected by stacking fault presence. It was demonstrated that powders have a high anisotropic strain, which was corrected using the average dislocation contrast factors for fcc structures. Also the influence of milling time and percentage of solute on stacking fault probability and stacking fault energy was determined.

    A través del análisis de perfiles de difracción de rayos X es posible obtener información válida de la estructura y propiedades de los materiales. Es una poderosa herramienta para caracterización de microestructuras de materiales nanoestructurados. En el presente trabajo se preparó una aleación ternaria Cu -2 % Cr -6 % Mo (% en peso mediante aleación mecánica de los polvos elementales con tiempos comprendidos entre 0,25 y 4 h. A través de las metodologías de Williamson-Hall, modificada, y Warren-Averbach, modificada, se determinó el tamaño de cristalitos, densidad de dislocaciones, microdeformación y distancia promedio entre dislocaciones. El tamaño de cristalitos fue corregido por la presencia de faltas de apilamiento. Se comprobó que los polvos poseen una alta deformación anisotrópica, que fue corregida haciendo uso de los factores de contraste promedio para estructuras fcc. Se determinó, además, la influencia del tiempo de molienda y porcentaje de soluto sobre la probabilidad de falta de apilamiento y energía de falta de apilamiento.

  15. Determinantes fisiológicos do controle do peso e apetite Physiological determinants of weight and appetite control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuleika S. C. Halpern

    2004-01-01

    Full Text Available A obesidade é um dos principais problemas de saúde pública da atualidade, apresentando etiologia multifatorial. Entre os determinantes fisiológicos do controle do peso e do apetite, estão fatores neuronais, endócrinos, adipocitários e intestinais. A leptina e a insulina são hormônios secretados em proporção à massa adiposa e atuam perifericamente, estimulando o catabolismo. No sistema nervoso central, a insulina e a leptina interagem com receptores hipotalâmicos, favorecendo a saciedade. Indivíduos obesos têm maiores concentrações séricas destes hormônios e apresentam resistência à sua ação. Os peptídeos intestinais, combinados a outros sinais, podem estimular (grelina e orexina ou inibir (CCK, leptina e oximodulina a ingestão alimentar. Todos atuam nos centros hipotalâmicos, que são os grandes responsáveis pelo comportamento alimentar.Obesity is currently one of the main problems of public health, presenting multifactorial etiology. The main involved factors in the control of weight and appetite are neuronal, endocrine, adipocity and intestinal. Leptine and insuline are hormones produced proportionally to adipose mass and act stimulating the catabolism. In the central nervous system, insuline and leptine interact with hypothalamic receivers favoring the satiety. Individuals with obesity have high seric concentrations of these hormones and present resistance to their action. The intestinal peptides, associated with other signals, can stimulate (greline and orexine or inhibit (CKK, leptine and oxymodulin the food intake. All act in the hypothalamic centers, that are the major responsible for the nutrititional behavior.

  16. Suplementos alimentares e redução de peso : monografia : Dietary supplements and weight reduction

    OpenAIRE

    Teixeira, Débora Cristina Monteiro

    2009-01-01

    Resumo da tese:A prevalência da obesidade tem vindo a aumentar nos últimos anos. Estima-se que actualmente existam 1600 milhões de pessoas com excesso de peso no mundo, sendo que dessas, 400 milhões são obesas. As dificuldades na adop-ção de hábitos alimentares mais saudáveis e o estilo de vida predominante-mente sedentário, aliadas às expectativas de perda de peso por vezes irrealis-tas, levam ao desejo por uma fórmula mágica que traga resultados rápidos, com o mínimo de esforço. Os suplemen...

  17. Curva dos valores normais de peso fetal estimado por ultra-sonografia segundo a idade gestacional

    OpenAIRE

    Cecatti,José Guilherme; Machado,Maria Regina Marrocos; Santos,Fernanda Fioravanti Azank dos; Marussi,Emílio Francisco

    2000-01-01

    Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução do peso fetal estimado em gestações normais de 20 a 42 semanas. Quanto ao desenho e métodos empregados na pesquisa, realizou-se estudo descritivo de um universo constituído por 2.874 gestantes normais da cidade de Campinas, efetuando-se exame ultra-sonográfico obstétrico de rotina com medida da biometria fetal e utilizando-se, para o cálculo do peso fetal, a fórmula de Hadlock et al. (1991). Calcularam-se os valores dos percentis 10, 50 e 90 ...

  18. Lactancia materna y su relación con el exceso de peso corporal en adolescentes de secundaria básica Breastfeeding and its relation to corporal excess weight in secondary school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eumelia Ondina Terrero

    2010-03-01

    Full Text Available Introducción: el sobrepeso y la obesidad, factores de riesgo aterosclerótico, se incrementan de manera creciente en todas las edades. Las trasgresiones de la lactancia materna han sido relacionadas frecuentemente con el exceso de peso. Objetivos: contribuir al esclarecimiento de la relación entre la duración de la lactancia materna y el exceso de peso (sobrepeso y obesidad en adolescentes. Métodos: estudio observacional de casos y controles en 344 adolescentes que estudian en la Secundaria Básica Urbana "Benito Juárez" del área de salud del policlínico "Antonio Guiteras Holmes" en La Habana Vieja, realizado entre enero de 2005 y enero de 2006. A todos los estudiantes se les realizaron mediciones antropométricas de peso corporal, talla y circunferencia de cintura. El grupo control se conformó con los estudiantes normopeso. La asociación estadística entre la duración de la lactancia materna y el exceso de peso corporal se determinó mediante el cálculo de odds ratio con un nivel de significación de pIntroduction: the excess weight and obesity are atherosclerosis risks increasing in all ages. Transgressions of breastfeeding have been related frequently to excess weight. Objectives: to contribute to clearing up of relation between the length of breastfeeding and the excessive body weight (excess weight and obesity in adolescents. Methods: this is an observational study of cases and controls conducted in 344 adolescents studying in "Benito Juárez" Urban Secondary School (UBS from health area of "Antonio Guiteras Holmes" Polyclinic in Habana Vieja (January, 2005 to January, 2006. In all students we made anthropometry measurements of body weight, height and waist circumference. Control group included students with normal weight. Statistical association between breastfeeding and corporal excess weight was determined by odds ratio calculus con a 95 % accuracy. Results: it was verified the 14 % of excess weight and the 4% of obesity. The

  19. Estimativas da composição anatômica da carcaça de frangos de corte com base no nível de proteína da ração e peso da carcaça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva José Humberto Vilar da

    2003-01-01

    Full Text Available Um experimento foi desenvolvido com o objetivo de estimar as proporções dos cortes nobres da carcaça de frangos de corte pelo modelo linear. Foram utilizados 842 frangos machos da linhagem Avian Farms, de 22 a 42 dias de idade, distribuídos num delineamento inteiramente ao acaso em esquema fatorial 3x4. Foram fornecidas rações formuladas à base de milho e farelo de soja para conter 2.900 kcal de EM e 15,43; 17,26; 19,60; e 22,60% de PB; 3.100 kcal de EM e 16,49; 18,45; 20,95; e 24,22% de PB; e 3300 kcal de EM e 17,55; 19,64; 22,30; e 25,78% de PB, totalizando doze tratamentos. Cada tratamento foi constituído por quatro repetições de 18 aves. Fortes correlações foram observadas entre o peso vivo aos 42 dias e o peso da carcaça (r = 0,958, o peso da carcaça e o peso de pernas (r = 0,991, peso de peito+osso+pele (r = 0,965 e peso de peito desossado (r = 0,950. A porcentagem de lipídio foi negativamente correlacionada com a porcentagem de umidade da carcaça (r = -0,880. A equação linear é recomendada para a predição dos componentes anatômicos da carcaça de frangos de corte.

  20. Yield and composition of pirarucu fillet in different weight classes = Rendimento e composição do filé de pirarucu em diferentes classes de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Helena dos Santos Fogaça

    2011-01-01

    Full Text Available The fillet yield and quantity of waste generated after processing areimportant for planning and evaluating the growth performance of species and systems of aquaculture production in Brazil. The pirarucu (Arapaima gigas is among the species with desirable characteristics for intensive fish with high market value. The objective was to evaluate the performance of pirarucu fillet in different weight classes: 7.0 to 9.0 kg (group I, 11.0 to 13.0 kg (group II and 14.0 to 17.0 kg (group III. The fillet yield presented no significant difference between groups. The composition showed significantdifferences (p O rendimento de filé e a quantidade de resíduos gerada após o processamento são importantes para o planejamento e a avaliação do desempenho zootécnico de espécies e dos sistemas de produção aquícola brasileiros. O pirarucu (Arapaima gigas está entre as espécies com características desejáveis para piscicultura intensiva e com alto valor de mercado. O objetivo do trabalho foi avaliar o rendimento do filé de pirarucu em diferentes classes de peso: 7,0 a 9,0 kg (grupo I, 11,0 a 13,0 kg (grupo II e 14,0 a 17,0 kg (grupo III. O rendimento de filé não apresentou diferença significativa entre os grupos avaliados. A composição apresentou diferenças significativas (p < 0,05 para umidade (77,96 a 75,04% e cinzas (2,21 a 2,46%, enquanto os valores de lipídeos e proteína bruta foram similares entreas classes avaliadas. Na avaliação da porcentagem de lipídios por porção (lombo, barriga e cauda houve maior deposição de gordura na parte ventral e no grupo III. Dessa forma, pode-se abater o pirarucu com média de peso entre 7,0 a 9,0 kg, utilizando-se ciclos de produção mais curtos e obtendo-se filés com melhor qualidade por apresentarem menor porcentagem muscular de lipídio.

  1. Fatores associados ao reganho de peso após 24 meses de gastroplastia redutora em Y-de-Roux

    OpenAIRE

    Silva, Fernanda Bassan Lopes da

    2012-01-01

    Introdução: A cirurgia bariátrica tem como resultados esperados a perda de peso massiva e a remissão de comorbidades. No entanto, o reganho de peso é uma realidade no pós-operatório, podendo comprometer os benefícios alcançados com a cirurgia. O presente estudo teve como objetivo investigar os fatores associados ao reganho de peso após a gastroplastia redutora em Y-de-Roux (GRYR). Métodos: Estudo transversal, que avaliou 80 indivíduos com mais de 24 meses de GRYR em ...

  2. EFECTO DEL pH Y EL PESO INICIAL DE IMPLANTE SEMBRADO EN LA MULTIPLICACIÓN CALLOGÉNICA DE CANAVALIA ENSIFORMIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan F. Saldarriaga

    2014-01-01

    Full Text Available Este trabajo evalúa el efecto del pH del medio de cultivo en la multiplicación callogénica de Canavalia ensiformis. Con el fin de obtener datos para un crecimiento óptimo de la biomasa callogénica, se determinaron dos rangos de trabajo, el primero comprendido entre 4.5 y 5.5 y el segundo entre 5.5 y 6.0, determinando el efecto que este producía en la multiplicación callogénica. Así mismo, se observó que la cantidad de callo sembrado inicialmente influye en el aumento de la biomasa. Luego de realizar un análisis de varianza a los datos de siembra obtenidos, se encontró que el mejor pH para el medio de cultivo es de 5.5, mientras que el peso del callo a ser sembrado debe ser mayor de 0.2500 gramos, con el fin de realizar una propagación adecuada de C. ensiformis para la obtención de metabolitos de interés comercial.

  3. Estilo de funcionamiento familiar, pautas de crianza y su relación con el desarrollo evolutivo en niños con bajo peso al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mora Antó

    2005-05-01

    Full Text Available Esta investigación dio cuenta de la relación entre el estilo de funcionamiento familiar, los patrones de crianza y las edades de desarrollo evolutivo en niños, nacidos con bajo peso. El estudio descriptivo correlacional se realizó con 41 niños y sus madres, aplicándose cuestionarios sobre funcionamiento familiar, prácticas de crianza y desarrollo infantil. Los resultados señalaron la existencia de un funcionamiento familiar caracterizado por una cohesión amalgamada y una adaptabilidad caótica, una disciplina complaciente, falta de control y de límites claros en la díada madre-hijo. Se trataba de familias monoparentales, donde la temprana edad de concepción, elMadre solterismo y el apoyo de la familia extensa eran constantes. Las edades evolutivas registradas indicaron un desarrollo inferior a la edad cronológica, en la mayor parte de los casos; sin embargo, éstas tendieron a ser superiores al compararlas con las edades reales de los infantes. No se encontró una correlación estadísticamente significativa entre la edad de desarrollo y los diferentes factores del funcionamiento familiar para algunos de los rangos de edad considerados; sin embargo, no se lo descartó por completo, especialmente en lo referente al optimismo familiar.

  4. Consumo alimentar e excesso de peso de adolescentes de Piracicaba, São Paulo Food consumption and overweight in adolescents from Piracicaba, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natacha Toral

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo avaliou o consumo alimentar e a prevalência de excesso de peso entre adolescentes de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Estudo observacional transversal com amostra representativa de adolescentes maiores de 10 anos de 11 escolas públicas de Piracicaba. Realizou-se auto-avaliação da maturação sexual por planilhas dos estágios de Tanner. Pelo Questionário de Freqüência Alimentar Semi-Quantitativo, investigou-se o consumo de energia, macronutrientes, frutas, hortaliças e doces. Foram aferidos peso e altura para avaliação do perfil antropométrico pelos percentis de Índice de Massa Corporal e índice de altura-para-idade. RESULTADOS: Foram avaliados 390 adolescentes, com média de idade de 12,4 anos, sendo 46,4% meninos e 78,7% púberes. O consumo médio de energia foi de 3.645kcal (56,2%, 12,8% e 33,5% provenientes de carboidratos, proteínas e lipídios, respectivamente. Observou-se que 77,9% da amostra ingeria alto teor de gordura. O consumo médio de frutas, hortaliças e doces foi de 2,3, 2,4 e 4,5 porções diárias, respectivamente. Foi encontrado 21,0% de excesso de peso, 4,4% de baixo peso e 1,8% de déficit de altura-para-idade. CONCLUSÃO: Expressivo percentual de adolescentes apresentava reduzido consumo de frutas e hortaliças e consumo lipídico e de doces acima do recomendado, podendo haver relação com o elevado número de participantes com excesso de peso. Adolescentes devem ser alvo de programas que enfatizem a adoção de alimentação saudável, para diminuir risco e incidência de obesidade e prevenir futuros agravos à saúde.OBJECTIVE: This study assessed food consumption and prevalence of overweight among adolescents from Piracicaba, São Paulo, Brazil. METHODS: This was a cross-sectional with a representative sample of adolescents older than 10 years of 11 public schools of Piracicaba. The maturation stage of the adolescents was determined by self-examination using Tanner images. Intakes

  5. Pregancy-induced hypertension and birthweight Hipertensión inducida por el embarazo y peso de los productos al nacer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicolás Padilla Raygoza

    2013-03-01

    Full Text Available Objective. The objective of this work was to measure the existing association between preg­nancy-induced hypertension and birthweight at the Celaya General Hospital. Study design. Cross-sectional, observational, analytic study. Subjects: Registries of women admitted to the Celaya General Hospital for delivery during 2008. Variables: Pregnancy-induced hypertension (blood pressure of 140/90 mmHg or higher after 20 weeks of gestation, sub-classified as gestational hypertension (blood pressure of 140/90 mmHg or higher without proteinuria and toxemia (blood pressure of 140/90 mmHg or higher with proteinuria; birthweight ( 3 500 g. Statistical analysis: it was calculated the Analysis of Variance (ANOVA test was performed between the status of arterial hypertension and birthweight, and was adjusted using gestational age. Results. From the sample of 5 478 registries, 14.73% (n = 807 of women had pregnancy-induced hypertension; from them, 10.92% (n = 598 had gestational hypertension and 3.82% (n = 209 preclampsia/eclampsia. Newborns from hypertensive mothers had an average birthweight of 3 049.27 ± 600.22 g, while the birth­weight of newborns from normotensive mothers was 3 104.94 ± 502.57 g, considering: ANOVA F = 1.49, p = 0.00001: adjusted by gestational age, F = 1.51, p = 0.0168. Conclu­sion. Newborns of normotensive and gestational hypertensive mothers showed differences in birthweight; gestational age acted as a confounder.Objetivo. Medir la asociación que existe entre la hipertensión inducida por el embarazo y el peso al nacer de los neonatos, en el Hospital General de Celaya. Tipo de estudio. Observacio­nal, transversal y analítico. Sujetos: 1 Registros de mujeres embarazadas (n = 5 478, admi­tidas para su resolución obstétrica, en el Hospital General de Celaya durante el año 2008, y 2 registros del peso al nacer de los neonatos de estas mujeres. Variables: 1 Hipertensión inducida por el embarazo (presión arterial de 140/90 mmHg o

  6. Enfermedad celiaca materna no diagnosticada y riesgo de tener hijos con bajo peso al nacimiento Maternal non-diagnosed celiac disease and risk of low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Solís Sánchez

    2008-06-01

    Full Text Available Objetivo: conocer la prevalencia de enfermedad celiaca en madres de neonatos mayores y menores de 2.500 gramos de peso al nacimiento. Pacientes: sujetos: casos: madres de neonatos menores de 2.500 g al nacimiento. Controles: madres de neonatos mayores de 2.500 g al nacimiento. Un control por cada caso. Instrumentalización: encuesta clínico-epidemiológica y serología celiaca. Métodos: estudio caso-control. Ámbito: mujeres del Área Sanitaria V (Gijón del Principado de Asturias que den a luz en el Hospital de Cabueñes. Resultados: se analizaron 1.103 mujeres: 577 madres de niños menores de 2.500 g y 526 madres de niños mayores de 2.500 g. Se diagnosticaron 4 casos de celiaquía, 2 en cada grupo. De las 4 madres, 3 dieron a luz a niños a término (1 caso cada 235 madres, prevalencia 0,42% y 1 dio a luz a un niño prematuro (1 caso cada 389 madres, prevalencia 0,26%. Dos madres dieron a luz a niños de peso adecuado para su edad gestacional (1/419 madres, prevalencia 0,24% y 2 madres dieron a luz niños de bajo peso para su edad gestacional (1/132 madres, prevalencia 0,75%. La odds ratio para peso menor de 2.500 g al nacimiento fue 0,91 (IC 95% 0,12-6,49, para prematuridad 0,61 (IC 95% 0,06-5,89 y para bajo peso para su edad gestacional 3,19 (0,44-22,79. Conclusiones: la prevalencia de enfermedad celiaca en mujeres fértiles de Gijón es de un caso cada 275 madres (prevalencia 0,36%, sin que hayamos encontrado diferencias entre los dos grupos estudiados.Aims: in order to know the prevalence of celiac disease in mothers with newborns weighing less or more than 2,500 g at birth we carried out a case-control study. Patients: mothers of newborns in Cabueñes Hospital. Case group: Mothers with babies weighing less than 2,500 g at birth. Controls: Mothers with babies weighing more than 2,500 g at birth. One control for each case. Methods: epidemiological and clinical interviews, and celiac disease serology. Results: we studied 1103 women: 577

  7. Colesterolemia, trigliceridemia e excesso de peso em escolares de Santa Maria, RS, Brasil Blood lipids abnormalities and overweight prevalence in students of Santa Maria, RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Cruz Lunardi

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O nível de colesterol na infância é um preditor do nível de colesterol na vida adulta. As consequências do colesterol elevado, somadas a outros fatores de risco constituem problema mundial de saúde pública. OBJETIVO: Estimar a prevalência de hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia e excesso de peso em estudantes do município de Santa Maria-RS. Métodos: Estudo transversal com 374 crianças de 10 a 12 anos de idade, de escolas das redes pública e privada, realizado no segundo semestre de 2005 na cidade de Santa Maria-RS. Foram determinados os níveis de colesterol total, triglicerídeos e estado nutricional. RESULTADOS: As prevalências de hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia e excesso de peso encontradas foram de 4,7%, 8,9% e 20,7%, respectivamente. Não houve diferença significante entre sexo e rede pública e privada. As crianças com excesso de peso apresentaram maior prevalência de alterações lipídicas. CONCLUSÕES: A prevalência de alterações lipídicas pode ser considerada baixa, mas a prevalência de excesso de peso dos estudantes de Santa Maria mostrou-se relativamente alta, alertando à importância de políticas públicas e à necessidade de assistência pediátrica nessa faixa etária, visando o seu diagnóstico precoce e, principalmente, o aconselhamento nutricional e incentivo à prática esportiva, uma vez que as dislipidemias e o excesso de peso têm sido apontados como fatores de risco para as doenças cardiovasculares.INTRODUCTION: Cholesterol level in childhood is a predictor of cholesterol level in adult life. The consequences of high cholesterol levels summed to other risk factors constitute a worldwide public health problem. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of blood lipid abnormalities and overweight among school students of the city of Santa Maria, RS, Brazil. Methods: A cross-sectional study with 374 children, aged between 10 and 12 years, from public and private schools of the

  8. Compatibilidad sexual entre dos tipos de Hylocerus (Cactaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Castillo M

    2003-09-01

    Full Text Available Dos de los tipos de pitahaya mas cultivados en la Península de Yucatán, México, difieren principalmente por el color de su cáscara, el primero es de color rojo (Uqroo1, perteneciente a Hylocereus undatus, mientras que en el segundo es color amarillo claro (Uqroo2, hasta el momento también identificado como H. undatus; este último es mas dulce. En ambos tipos de pitahayas, se realizaron autopolinizaciones y polinizaciones cruzadas directas y recíprocas, con el propósito de evaluar el efecto en la cantidad de frutos que lograron su desarrollo. Se midieron algunas variables para detectar la influencia del progenitor paterno en algunas características del fruto. Los testigos se obtuvieron de flores polinizadas libremente. El diseño experimental utilizado fue completamente al azar, con 15 repeticiones por tratamiento. Se encontró que Uqroo1 es autocompatible, mientras que Uqroo2 es autoincompatible. Los testigos de ambos tipos alcanzaron el mismo peso, y los frutos de Uqroo2 logrados por polinización cruzada tuvieron un peso similar al de los testigos o fueron significativamente mas pesados. Algunas variables resultaron positivamente correlacionados; el coeficiente entre el número de semillas y el peso total del fruto fue de r = 0.84. La correlación mas alta (r = 0.97 resultó entre el peso total y el peso de la pulpa. En los frutos obtenidos por polinización cruzada prevalecieron las características del progenitor materno. Se recomienda cultivar la Pitahaya blanca con otro tipo de pitahaya, además de Uqroo1There are two types of pitahaya that are cultivated in Yucatan Peninsula of Mexico. They differ mainly in the skin color of the fruit, one of them has a red skin (Uqroo1, while the other has a light yellow skin (Uqroo2 both belong to Hylocereus undatus (Haworth Britt. & Rose. The yellow skin pitahaya is the sweetest. The studies were conducted using the methods of self pollination and cross pollination, with direct crosses and

  9. Avaliação do peso e do modo de transporte do material escolar em alunos do ensino fundamental Evaluación del peso y del modo de transporte del material escolar en escolares de la enseñanza fundamental Assessment of weight and mode of transport of school material in highschool students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Tarragô Candotti

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Identificar e comparar o modo de transporte e o peso do material escolar utilizado por escolares entre o 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental. MÉTODOS: Dentre as escolas do município Dois Irmãos (RS, uma escola foi sorteada e 58 escolares foram pesquisados por meio de questionário, que avaliou o acessório utilizado para transportar o material escolar e a forma de transporte. As variáveis antropométricas e o peso do material escolar foram mensurados ao longo de cinco dias. A análise do questionário envolveu tabelas de frequência e teste do qui-quadrado. O peso médio do material, relativo ao peso corporal e registrado ao longo da semana, foi analisado por ANOVA one-way e ao teste post hoc de Bonferroni. RESULTADOS: Escolares do 2º, 5º e 9º anos transportam seu material nas costas, em mochila com duas alças (60, 77,3 e 85,5%, respectivamente, pOBJETIVOS: Identificar y comparar el modo de transporte y el peso del material escolar utilizado por escolares entre el 2º, 5º y 9º años de la enseñanza fundamental. MÉTODOS: Entre las escuelas del municipio de Dois Irmãos (RS, Brasil, una escuela fue sorteada y 58 escolares fueron investigados mediante cuestionario, que evaluó el accesorio utilizado para transportar el material escolar y la forma de transporte, las variables antropométricas y el peso del material escolar fueron medidos a lo largo de cinco días. El análisis del cuestionario envolvió tablas de frecuencia y test del chi-cuadrado. El peso mediano del material, relativo al peso corporal, registrado a lo largo de la semana, fue sometido por ANOVA one-way y por el test post hoc de Bonferroni (α=0,05. RESULTADOS: Escolares del 2º, 5º y 9º años transportaron su material a la espalda, en mochila con dos asas (60, 77,3 y 85,5%, respectivamente, pObjectives: To identify the way school material is carried and the weight of the material carried, and to compare these findings for 2nd, 5th and 9th graders

  10. Comportamiento del bajo peso al nacer en el Policlínico Universitario "Héroes del Moncada" (2006-2010 Behavior of low birth weight in the "Héroes del Moncada" University Polyclinic (2006-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Rosa Jorna Calixto

    2012-03-01

    ños, el mes de agosto es el de más alto índice. El mayor porcentaje de los recién nacidos bajo peso fueron de piel blanca, con un peso promedio superior a los 1 500 g, cuyas madres en su mayoría, al momento del parto, tenían edades entre los 21 y los 40 años. Predominaron los partos pretérminos y los nacimientos del sexo femenino. Hubo una mayor cantidad de niños nacidos con bajo peso, cuyas madres tenían antecedentes patológicos de enfermedades crónicas no transmisibles, antes del embarazo. Prevalecieron los niños bajo peso al nacer, que provenían de mujeres que tuvieron durante el embarazo en estudio, sepsis vaginal, seguida en frecuencia de la hipertensión arterial gravídica y la anemia. El ingreso de madres en el hogar materno, fue un indicador que estuvo presente en la minoría de los niños bajo peso al nacer, mientras que el ingreso hospitalario prevaleció.Introduction: the low birth weight is an indicator that influence directly on the infant mortality and in the latter psychomotor development of the child. The Program for Reduction of the Low Birth Weight suggest that the children with a birth weight lower than 2 500 g have a death risk greater during the first year of life, compared with the children with a term normal weight. Objective: to characterize the behavior of the low birth weight during 2006-2010 in the "Héroes del Moncada" University Polyclinic. Methods: a cross-sectional, descriptive and observational study was conducted in 37 low weight newborns and their corresponding 34 mothers, three of them with twin pregnancy from a universe of 46 low weight newborns and 43 puerpera in total, from the above mentioned polyclinic. Authors excluded those low weight newborns during 2006-2010 whose medical records lacking of the necessary information. Results: the rate of low birth weight decreased until 2008 from which it start an increase to achieve the figure of 9.1 in 2010. The mother's mean age of the low weight newborns is over 30 years except

  11. Produção de açafrão em função de acessos e do peso de rizomas-semente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. Berni

    2014-01-01

    Full Text Available O açafrão-da-terra (Curcuma longa L. é originário do sudeste asiático e subcontinente indiano. É uma herbácea de caule subterrâneo, alaranjado, com vários rizomas secundários aproveitados na indústria alimentícia e farmacêutica devido às características de cor, sabor, odor, produção de óleos essenciais, e corantes. Na escolha do melhor material propagativo deve-se levar em consideração o material genético, o peso, tamanho, idade, capacidade de reserva acumulada, sanidade, dentre outros fatores. O objetivo neste experimento foi avaliar a influencia de diferentes acessos e pesos de rizomas-sementes na produção de açafrão. Empregou-se o delineamento em blocos casualizados em parcelas subdivididas com quatro repetições, tendo como tratamento principal os acessos (C-06, C-36 e C-38 e como tratamento secundário as classes de rizomas-sementes (peso: pequeno, médio e grande, ±5, ±10 e ±15 g/rizoma, respectivamente. Após a colheita, os rizomas foram distribuídos sobre tela suspensa para secagem à sombra com ventilação natural, por 20 dias. Posteriormente, para avaliar a produção, os rizomas foram classificados em 4 classes: A (> 15g , B (±10 g, C (±5 g e D(<5g. A interação entre os acessos e o tamanho do rizoma-semente foi significativa para todas as variáveis, com exceção da Classe D. Com o uso de rizoma-semente grande os acessos C-38 e o C-06 apresentaram maior produtividade total, 0,834 e 0,812kg/planta, respectivamente. O descarte gerado foi menor no acesso C-38 do que no C-06, representando 7,8 e 12,8% da produção total, respectivamente. O uso de rizomas-semente maiores aumentou significativamente a produção total. No acesso C-06 a produção passou de 0,481 para 0,812 kg/planta, ou seja, um aumento de 70%. O ganho relativo na produção de rizoma (kg/planta no acesso C-06 para o plantio de rizomas com ±15 g, foi de 28%.

  12. Propiedades de lechos fijos durante la deshidratación convectiva de cerezas, guindas y rosa mosqueta: cambios de volumen y porosidad Propriedades de leitos fixos durante a secagem por convecção de cerejas doces e ácidas e frutas de rosa mosqueta: mudanças de volume e porosidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Márquez

    2008-06-01

    Full Text Available En este trabajo, se determinaron experimentalmente y modelaron los cambios de volumen y porosidad de lecho fijo durante la deshidratación de cerezas, guindas y frutos de la rosa mosqueta. Se utilizaron un equipo de secado experimental y frutas frescas. La altura de lecho variaba entre 0,04 y 0,12 m, la temperatura del aire entre 50 y 70 ºC, su velocidad entre 1 y 4 m/s, y su humedad relativa fue de 5 y 50%. Al inicio y durante la deshidratación se medía la altura del lecho como promedio de 8 escalas graduadas colocadas simétricamente en la cámara de secado y el peso de las muestras correspondientes. Con los valores obtenidos se calculaba el volumen de lecho y su porosidad en función del contenido de agua de la muestra. Mediante regresión, se obtuvieron correlaciones para estimar el volumen y la porosidad de lecho. Los errores porcentuales obtenidos fueron: para cambios en el volumen de lecho, entre -16,4 y 23,3 para cerezas y guindas, y entre -4,9 y 4,4 para frutos de la rosa mosqueta; y para los cambios de porosidad, entre -15,2 y 21,1 para cerezas y guindas, y entre -2,6 y 6,1 para frutos de la rosa mosqueta.Neste trabalho foram determinadas e modeladas as mudanças de volume e porosidade de cerejas doces e ácidas, bem como de frutas de rosa mosqueta em leitos fixos durante a secagem. Foi usado um equipamento de secagem experimental e frutas frescas. A espessura dos leitos variou entre 0,04 e 0,12 m, a temperatura do ar entre 50 e 70 ºC, a velocidade entre 1 e 4 m/s e a umidade relativa de 5 a 50%. Para o começo e durante a secagem foram medidos a altura do leito por meio de 8 escalas graduadas colocadas simetricamente na câmara de secagem e o peso das amostras correspondentes. Com os valores obtidos foi calculado o volume de leito e a porosidade em função do conteúdo de água da amostra. Por meio de correlações de regressão foram obtidos o volume e a porosidade de leito. Os erros porcentuais obtidos foram: para mudanças no

  13. Prevalencia de malnutrición según grupos de edad en diferentes comunidades de Costa Rica entre 1997 y 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anne Chinnock

    2018-01-01

    Full Text Available Objetivo: analizar la prevalencia de problemas en el estado nutricional de los miembros de la familia, según grupos de edad en diferentes comunidades de Costa Rica entre 1997 y 2014. Métodos: se realizó un análisis de información recolectada por estudiantes de la Escuela de Nutrición de la Universidad de Costa Rica entre 1997 y 2014. De las familias seleccionadas en cada comunidad, se tomaron los datos de peso y talla de todos los miembros. Para el análisis de los datos se utilizaron los estándares de crecimiento y puntos de corte recomendados por la Organización Mundial de Salud. Resultados: se presenta la información de 25 encuestas realizadas durante un periodo de 17 años. Con el paso de los años, se observa en los grupos de menor de edad (< 20 años una reducción en los problemas de déficit en peso y talla, y un aumento en porcentaje de individuos con exceso o riesgo de exceso de peso. En la población de adultos, se observa el mismo fenómeno de aumento en exceso de peso; y en las personas adultos mayores, una disminución en el porcentaje con déficit de peso. Discusión: se compara la información presentada con otras publicaciones que reportan resultados similares y se comenta sobre las causas y consecuencias del problema de exceso de peso. Conclusión: durante el periodo, se encontró una reducción en la prevalencia de déficit en peso y talla en los grupos de menor de edad; y, en peso en personas adultos mayores; además, un aumento en la prevalencia de exceso de peso en todos los grupos de edad.

  14. Validade das tabelas de peso fetal clássicas para a população Portuguesa Validity of classical fetal weight charts in the Portuguese population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Filipe Sousa Santos

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a validade de várias tabelas de peso fetal, habitualmente usadas em Portugal, para classificar a sua população. MÉTODOS: estudo observacional retrospectivo. Foram analisados os registos de nascimentos no período de dois anos (Maio de 2008 a Abril de 2010, decorrentes de gestações unifetais com datação precisa por ecografia entre as 8ª e 14ª semanas de gestação, na mesma instituição. Após validação dos registos, foram analisados os percentis de peso gerados para cada semana de gestação completa, suavizados por uma função polinomial de dois graus, comparando-os com as tabelas mais usadas na instituição e no país, através do uso de Z-scores, valores de percentis, sensibilidade para detecção do percentil 10 (P10 da amostra e comparação de médias de peso. RESULTADOS: um total de 5.378 recém-nascidos (RN foi registado no período; 2.195 (42% RN corresponderam aos critérios de inclusão, com idade gestacional (IG entre as 24ª e 42ª semanas, permitindo uma análise estatística entre as 34ª e as 41ª semanas. Foram detectadas diferenças no peso médio por IG entre tabelas e em relação à amostra, bem como diferenças entre os sexos. O P10 de outros trabalhos mostrou diferenças entre -288g na 37ªs (-11% nos dados de Lubchenco et al. e +133g na 34ªs (+7,6% nos dados de Carrascosa et al. em relação ao obtido na amostra. A sensibilidade para detecção de um RN abaixo do P10 na amostra variou, às 39ªs, entre 14,1e 100%, dependendo da tabela usada. DISCUSSÃO: as limitações deste tipo de valores de referência devem ser tidas em consideração, tentando minimizá-las, nomeadamente pela criação de valores locais/regionais ou nacionais, com a contemplação de outras variáveis, sobretudo o sexo do RN, em gravidezes rigorosamente datadas e pela validação in loco dos valores utilizados.PURPOSE: to assess the validity of several fetal weight charts, commonly used in Portugal, to classify its

  15. Comportamento alimentar, compulsão alimentar, história de peso e estilo de vida: diferenças entre pessoas com obesidade e com uma perda de peso bem-sucedida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mafalda LEITÃO

    2013-12-01

    Full Text Available Obesity (OB and successful weight loss (SWL are associated, among other factors, with eating behaviour. The aim of this study was to explore whether eating behaviour, binge eating, weight history and lifestyle diverge between people with OB and SWL, Methods: In all, 77 participants with OB and 105 who had achieved a SWL filled in the Dutch Eating Behaviour Questionnaire, the Binge Eating Scale and a questionnaire to assess sociodemographic characteristics, weight history and lifestyle. Results: The excessive weight had started at the beginning of adulthood for 31% of the participants with OB and for 28% of those in the SWLgroup; significant differences were observed between the two groups regarding their highest and lowest weights, The groups also showed differences with regard to emotional, external and binge eating behaviour; however, no differences were recorded in terms of lifestyle (alcohol, tobacco and coffee consumption, and physical exercise, Conclusion: the group with obesity had a more severe binge eating disorder and more frequent emotional and external eating behaviour than the SWL group.

  16. Comportamento alimentar, compulsão alimentar, história de peso e estilo de vida: diferenças entre pessoas com obesidade e com uma perda de peso bem-sucedida

    OpenAIRE

    Mafalda LEITÃO; Filipa PIMENTA; Teresa de HERÉDIA; Isabel LEAL

    2013-01-01

    Obesity (OB) and successful weight loss (SWL) are associated, among other factors, with eating behaviour. The aim of this study was to explore whether eating behaviour, binge eating, weight history and lifestyle diverge between people with OB and SWL, Methods: In all, 77 participants with OB and 105 who had achieved a SWL filled in the Dutch Eating Behaviour Questionnaire, the Binge Eating Scale and a questionnaire to assess sociodemographic characteristics, weight his...

  17. EFECTOS DEL MEDIO Y LA HERENCIA SOBRE EL PESO AL DESTETE DE TERNEROS DE LA RAZA ROMOSINUANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Ossa S

    2005-12-01

    Full Text Available Fueron analizados 1877 datos del peso al destete de terneros de la raza Romosinuano, relativos al período1980 a 2001. El peso medio al destete fue de 182,88 ± 0,67 kg, con una desviación estándar de 29,35kg y un coeficiente de variación del 16,02%. Los efectos del año, mes de nacimiento, el número del partoy el sexo del ternero, influyeron significativamente en el peso al destete. La heredabilidad estimada parael peso al destete según el efecto directo fue de 0,14 ± 0,05 y para el efecto materno fue de 0,12 ± 0,03.

  18. O peso ao nascer influencia o estado nutricional ao final do primeiro ano de vida? Does birth weight affect nutritional status at the end of first year of life?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eugênia Farias Almeida Motta

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre o baixo peso ao nascer e o estado nutricional ao final do primeiro ano de vida. MÉTODOS: Foi realizado estudo caso-controle aninhado a uma coorte em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. Os recém-nascidos foram recrutados para a coorte nas primeiras 24 horas de vida, sendo o peso aferido ao nascimento e ao final do primeiro ano de vida. Durante o primeiro ano de vida, foram realizadas duas visitas domiciliares semanais para confirmar aleitamento materno predominante e ocorrência de episódios diarréicos. Considerou-se caso (risco nutricional a criança com índice peso/idade abaixo do percentil 10 (n = 117; e controle aquela com percentil igual ou maior que 10 (n = 411. Realizou-se análise de regressão logística hierarquizada para detectar os fatores determinantes do estado nutricional no primeiro ano de vida. RESULTADOS: Os fatores que explicaram o risco nutricional ao final do primeiro ano de vida foram peso ao nascer e ausência de sanitário no domicílio. As crianças que nasceram com peso entre 1.500 g e 2.499 g tiveram uma chance 29 vezes maior (IC 95% = 9,77-87,49 de apresentar risco nutricional aos 12 meses de idade em relação àquelas com peso de nascimento maior que 3.500 g. Nas que residiam em domicílio sem sanitário, a chance foi três vezes maior (IC 95% = 1,54-6,22 em relação àquelas com sanitário com descarga no domicílio. CONCLUSÃO: O baixo peso ao nascer é um dos principais fatores responsáveis pelo risco nutricional ao final do primeiro ano de vida, sendo imprescindível adotar estratégias para sua redução e prevenção.OBJECTIVE: To evaluate the association between low birth weight and nutritional status at the end of the first year of life. METHODS: This was a nested case-control study within a cohort. The study was carried out at maternity hospitals in four cities in the Zona da Mata Meridional in Pernambuco state, Brazil. Newborn infants

  19. Comparison of self-perceived weight and desired weight versus actual body mass index among adolescents in Jamaica Comparación del peso autopercibido y el peso deseado frente al índice de masa corporal real en adolescentes de Jamaica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila C. Barrett

    2011-04-01

    del IMC, 24,6% de los participantes se clasificaron como con peso inferior al normal; 39.9%, como normales; 14,5%, como con sobrepeso; y 21%, como obesos. Hubo diferencias significativas entre el IMC real y el percibido (P 0,05. CONCLUSIONES: Las mujeres tenían un IMC real mayor y un IMC percibido menor que los hombres. Los adolescentes jamaiquinos tenían un IMC similar, independientemente de su grupo étnico, edad, lugar de residencia o situación socioeconómica. Es necesario realizar intervenciones para mejorar los conocimientos sobre el peso corporal saludable y sobre la relación entre el peso corporal, las opciones de modos de vida y las implicaciones del peso corporal excesivo en las enfermedades crónicas.

  20. Maternal low birth weight and adverse perinatal outcomes: the 1982 Pelotas Birth Cohort Study, Brazil El bajo peso al nacer de las madres y los desenlaces perinatales adversos: estudio de la Cohorte de Nacimientos de 1982 en Pelotas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria P. Vélez

    2009-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To explore the association between maternal low birth weight (LBW and adverse perinatal outcomes and to discriminate between confounders and mediating factors of these associations in a population-based birth cohort of Southern Brazil. METHODS: Data from 794 female members of the 1982 Pelotas Birth Cohort Study known to have delivered a live-born singleton offspring up to December 2004 were analyzed. Maternal birth weights were recorded in 1982. The associations between maternal and offspring characteristics were estimated by Poisson regression. Confounding was tested for socioeconomic, demographic, and psychosocial factors. Maternal anthropometric characteristics and hypertensive diseases during pregnancy were considered mediating factors. RESULTS: An increase of 100 grams (g in mothers' birth weight predicted a gain of 21 g in their infants' birth weight (95% confidence interval (CI 13.0-29.0 g, P OBJETIVOS: Explorar la asociación entre el bajo peso al nacer (BPN de las madres y los desenlaces perinatales adversos y discriminar entre los factores de confusión y de mediación de estas asociaciones en un estudio poblacional de una cohorte de nacimientos en el sur de Brasil. MÉTODOS: Se analizaron los datos de 794 mujeres participantes en el Estudio de la Cohorte de Nacimientos de 1982 en Pelotas con partos únicos exitosos hasta diciembre de 2004. El peso al nacer de las mujeres se registró en 1982. Las asociaciones entre las características de las madres y sus hijos se estimaron mediante la regresión de Poisson. Como factores de confusión se probaron características socioeconómicas, demográficas y psicosociales. Como factores de mediación se consideraron las características antropométricas de la madre y la hipertensión durante el embarazo. RESULTADOS: El incremento en 100 g en el peso al nacer de las madres predijo un aumento de 21 g en el peso al nacer de sus hijos (intervalo de confianza de 95% [IC95%]: 13,0 a 29,0; P

  1. Algunos factores maternos relacionados con el recién nacido bajo peso en el policlínico "Isidro de Armas" Some maternal factors related to the low birth weight newborn in the "Isidro de Armas" Polyclinic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Israel López

    2010-06-01

    Full Text Available Objetivos: identificar los principales factores de riesgo que pueden ser causa de bajo peso en el recién nacido. Métodos: estudio de casos y controles realizado entre el 1ro. de enero del 2003 al 31 de diciembre del 2008 en el policlínico "Isidro de Armas" del municipio Playa, La Habana. Se analizaron variables socioeconómicas y biológicas como: edad materna, estado civil, escolaridad, ocupación, hábito de fumar, antecedentes patológicos personales, valoración nutricional, ganancia de peso, y peso del recién nacido. Resultados: las mujeres del grupo de estudio con edades entre 30 a 34 años aportaron el mayor número de recién nacidos bajo peso (34, 1 % y en las que no tuvieron bajo peso predominó el grupo de edades de 20 a 24 años. La mayoría de las mujeres en ambos grupos no tenían antecedentes patológicos personales, sin embargo, entre las que sí lo tuvieron, predominó en el grupo estudio la hipertensión arterial en el 17,1%, el asma 14,6 % y el hábito de fumar en el 9,8 %; en el de control, el asma y el hábito de fumar en el 12,2 % y la infección urinaria en el 7,3 %. Conclusiones: las edades maternas extremas, la baja escolaridad y el estado civil, no tienen influencias en el recién nacido bajo peso, mientras sí la tienen, la ocupación (madres trabajadoras y algunas enfermedades como la hipertensión arterial y el asma bronquial.Objectives: to identify the main risk factors influenced on the causes of low birth weight of newborn seen in the "Isidro de Armas" Polyclinic from Playa municipality. Methods: study of case-control conducted from January 1, 2003 to December 31, 2008. The socioeconomic and biological variables were analyzed including: mother age, marital status, schooling, occupation, smoking, personal pathological backgrounds, nutritional assessment, weight gain and newborn weight. Results: the women included in study group aged 30-34 supplied the great figure of low birth weight newborns (34.1% and in

  2. The epidemiologic paradox of low birth weight in Brazil La paradoja epidemiológica del bajo peso al nacer en Brasil O paradoxo epidemiológico do baixo peso ao nascer no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    2010-10-01

    subregistro. La tasa de escolaridad fue obtenida de datos de censos. Las tendencias de la tasa de bajo peso al nacer fueron evaluadas utilizándose modelos de regresión joinpoint. Las asociaciones entre la tasa de bajo peso al nacer con otros indicadores fueron evaluadas por regresión lowess y correlación de Spearman. RESULTADOS: En Brasil, las tendencias en la tasa de BPN fueron no lineares y no significativas: la tasa disminuyó de 7,9% en 1995 a 7,7% en 2000, aumentando a 8,2% en 2003, y permaneciendo estable en 8,2% en 2007. Mientras, las tendencias variaron en las regiones brasileras: hubo aumentos significativos en el Norte (2,7% por año, de 1999 a 2003, y en el Sur (1,0% por año y Centro-Oeste (0,6% por año, de 1995 a 2007. Las tasas de BPN fueron más altas y las tasas de mortalidad infantil más bajas en las regiones más desarrolladas en comparación con las menos desarrolladas. En 2005, cuanto más elevada la tasa de mortalidad infantil, menor fue la tasa de BPN (p=0,009; cuanto más alta la tasa de baja escolaridad, menor la tasa de BPN (p=0,007; cuanto mayor el número de lechos de terapia intensiva neonatal por 1000 nacidos vivos, más elevada la tasa de BPN (p=0,036. CONCLUSIONES: La paradoja del BPN fue detectado en Brasil. La tasa de BPN está aumentando en algunas regiones brasileras. Diferencias regionales en la tasa de BPN parecen estar más relacionadas con la disponibilidad de asistencia perinatal que con las condiciones sociales.OBJETIVO: Identificar a presença do paradoxo do baixo peso ao nascer (BPN no Brasil. MÉTODOS: As taxas de BPN e de cesárea, de 1995 a 2007, foram estimadas a partir do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos. As taxas de mortalidade infantil, foram calculadas por métodos indiretos, com correção para sub-registro. A taxa de escolaridade foi obtida de dados censitários. As tendências da taxa de BPN foram avaliadas utilizando-se modelos de regressão joinpoint. As associações entre a taxa de BPN com outros

  3. Entre monos y centauros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Serge Gruzinski

    2005-02-01

    Full Text Available    ¿Qué relación puede existir entre Ovidio, Tiziano y unos tlacuilo indios de la sierra otomí ? ¿Qué tienen en comun  el pintor mas famoso del siglo XVI , el veneciano Tiziano (+ 1576,  un poeta latino del primer siglo despues de Cristo, Publio Ovidio Nasón (-43/17 ,  y unos artistas indígenas anónimos del pueblo otomi de Ixmiquilpan?   Aunque la reunión de estos tres nombres parezca extraña y sorprendente, los hilos que los unen no son nada anecdóticos.  Permiten entender mejor la manera...

  4. Entre formigas e estrelas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinicius Prates

    2013-06-01

    Full Text Available Esta resenha apresenta o livro Reagregando o social: uma introdução à teoria do ator-rede, última obra do filósofo francês Bruno Latour publicada no Brasil. Nele, o autor se propõe a elaborar uma suma da crítica que faz aos conceitos usualmente aceitos de “social”, o que vem desenvolvendo ao longo dos últimos anos de produção intelectual. Neste processo ele criou a “Teoria-ator-rede”, que busca reestabelecer teoricamente as relações entre o que chama de mediadores “humanos” e “não-humanos”.

  5. Efecto del Peso de la Semilla en el Crecimiento de Acacia Melanoxylon R. Br. a los 6 Meses de Edad en Tres Condiciones de Suelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santiago Castañeda María Del Carmen

    1994-09-01

    Full Text Available En el año 1991 se estableció un ensayo con el fin de estudiar el efecto del peso de la semilla de acacia negra (Acacia melanoxylon R. Br. sobre diferentes parámetros germinativos bajo condiciones de laboratorio (fase I, el posterior comportamiento de las plántulas en el campo bajo diferentes condiciones de suelo (fase II, la respuesta en crecimiento a la fertilización inicial (fase III y tardía (fase IV en suelo remanente de minería, muy severamente erosionado. El presente informe corresponde a la fase II, esto es la evaluación a los 6 meses de edad de la sobrevivencia, el rendimiento y el incremento en altura de plántulas provenientes de 4 grupos de semillas de un mismo lote clasificadas por peso, bajo diferentes condiciones de suelo. Las semillas se clasificaron en el Laboratorio de Semillas Forestales de la Universidad Nacional de Colombia, Sede Medellín, con base en una distribución de frecuencias normalizada, en 4 grupos diferenciados por su peso. Después de 60 días de la siembra el crecimiento promedio bajo condiciones de Laboratorio (fase I en Gómez y Piedrahita, 1994 fue de 10.57 cm para las plántulas provenientes de semilla pesada, 7.85 cm para las de semilla mediana, 4.77 cm para las de semilla liviana y 7.17 cm para las semillas del grupo testigo. A esta edad (60 días las plántulas se trasplantaron a bolsa individual y a los 120 días se llevaron definitivamente al campo. La fase II del ensayo se estableció en la cuenca hidrográfica de Piedras Blancas (Municipio de Guarne Antioquia en áreas aledañas a las quebradas Piedras Blancas y La Rosario (zona de vida bosque húmedo montano bajo. En el campo se seleccionaron tres sirios definidos por su fisiografía así: 1 terreno plano inundable con una pendiente de 1%; 2 terreno ligeramente inclinado con pendiente de 18%; 3 terreno inclinado con pendiente de 32 %, muy severamente erosionado. A los seis meses de establecido el ensayo en el campo se encontró que

  6. Desenvolvimento de prematuros com baixo peso ao nascer nos primeiros dois anos de vida Development of low birth weight preterm infants during the first two years of life

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Alves da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar e descrever o desenvolvimento neuropsicomotor de prematuros com baixo peso ao nascer nos dois primeiros anos de vida. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com prematuros entre quatro e 24 meses, no Ambulatório de Alto Risco Neonatal do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina, avaliados em três momentos: 8, 11 e 14 meses de idade cronológica. A amostra, composta inicialmente por 69 indivíduos, teve caráter intencional, segundo os critérios de inclusão e exclusão estabelecidos. A Escala de Brunet e Lèzine foi usada para avaliar o desenvolvimento nas seguintes áreas: coordenação óculo-motriz, linguagem, postura e sociabilidade. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial. RESULTADOS: A idade gestacional média foi de 31 semanas e o peso ao nascer foi de 1236g. O quociente de desenvolvimento global apresentou melhora da primeira para a última avaliação, alcançando 85% de escores dentro da normalidade na terceira avaliação. As áreas específicas da coordenação óculo-motriz e da linguagem tiveram os piores resultados iniciais, contrapondo-se à postural, que apresentou os melhores escores. Foi encontrada correlação entre o peso ao nascer e as áreas da postura, linguagem e sociabilidade na primeira avaliação e sociabilidade e coordenação óculo-motriz na terceira avaliação. CONCLUSÕES: O desenvolvimento neuropsicomotor desta população apresentou déficits mais evidentes nos primeiros meses de vida. Embora o seguimento não tenha mostrado diferenças estatísticas entre a primeira e a última avaliação, houve melhora em todas as áreas do desenvolvimento.OBJECTIVE: To analyze and describe the neuropsychomotor development of low birth weight preterm infants in the first two years of life. METHODS: This cross-sectional study enrolled preterm infants between 4 and 24 months old at the follow up clinic of Universidade Federal de Santa Catarina

  7. Curva de referencia peruana del peso de nacimiento para la edad gestacional y su aplicación para la identificación de una nueva población neonatal de alto riesgo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuel Ticona-Rendón

    2007-10-01

    Full Text Available El peso de nacimiento en relación con la edad gestacional, tiene valor pronóstico y sirve para el manejo clínico del recién nacido. La OMS recomienda patrones de crecimiento fetal en los centros perinatológicos, pues se detecta diferencias según países y condiciones de vida. Objetivos. Obtener una curva de referencia peruana del peso de nacimiento para la edad gestacional (CR-PNEG, de acuerdo con criterios propuestos por la OMS y analizar su influencia en la identificación de grupos de alto riesgo en comparación con las curvas de Lubchenco. Materiales y métodos. Se enroló prospectivamente a todos los recién nacidos (RN vivos durante el año 2005 en 29 hospitales del Ministerio de Salud que usan el Sistema Informático Perinatal 2000. Resultados. 50 568 RN vivos fueron seleccionados de 99 439 nacimientos, su peso promedio fue 3011-3506 g y su percentil 10 fue 2435-3030 g a las 37 y 42 semanas respectivamente; que fueron significativamente mayores a los de Lubchenco. La multiparidad, talla materna alta, sexo fetal masculino y nacer en la costa estuvieron asociadas (p<0,001 con un mayor peso de nacimiento entre las semanas 36 a 42. La CR-PNEG peruana diagnosticó 10,1% neonatos pequeños para su edad gestacional (RN-PEG frente a 4,1% identificados con la curva Lubchenco (p<0,01. Los nuevos RN-PEG identificados presentaron mayor morbilidad (OR:1,47; p<0,05 y mortalidad (OR: 15,6; p<0,01 que los de peso adecuado. Conclusiones. Se obtuvo CR-PNEG en población peruana seleccionada y factores de corrección por paridad, talla materna, sexo fetal y región natural. Se demostró que el uso de la curva de Lubchenco subestima el número de PEG. Se recomienda el uso de la CR-PNEG peruana en los establecimientos del Ministerio de Salud del Perú.

  8. Avaliação da aplicabilidade de fórmulas preditivas de peso e estatura em homens adultos Assessment of equations that estimate weight and height in adult men

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Aparecida Canaan Rezende

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a validade de fórmulas preditivas de peso e de altura, bem como a composição corporal em homens adultos. MÉTODOS: A amostra constituiu-se de 98 homens saudáveis, com idades entre 20 e 58 anos. Para a análise das equações de estimativa de peso e altura, coletaram-se dados de peso, altura, altura do joelho, envergadura, semi-envergadura, circunferências da panturrilha e do braço e dobra cutânea subescapular. Avaliou-se a composição corporal por meio de bioimpedância elétrica. RESULTADOS: O peso estimado diferiu significantemente do peso aferido (pOBJECTIVE: The objective of this study was to evaluate the validity of equations that predict weight, height and body composition in adult men. METHODS: The sample consisted of 98 healthy men aged from 20 to 58 years. In order to analyze the equations, weight, height, knee height, arm span, half-arm span, calf and arm circumference and subscapular skinfold thickness were collected. Body composition was determined by bioimpedance. RESULTS: Estimated weights were significantly different from measured weights (p<0.001. The only equation that estimated height properly was that validated for adult Caucasian men. Both arm span (r=0.789; d=2.67; p<0.001 and half-arm span (r=0.790; d=2.51; p<0.001 overestimated height. When weight and height estimates were used to calculate body mass index, underweight was overestimated and overweight was underestimated, except when height was estimated with the equations for adult Caucasian men. CONCLUSION: The equation to estimate height validated for adult Caucasian men estimated the height of adult young men properly; the other validated equations presented significant differences. It is important to validate the equations assessed in this study in other population groups, making sure to use the estimated weights and heights to calculate body mass index.

  9. Desempenho de cordeiros inteiros ou submetidos a diferentes métodos de castração abatidos aos 30 kg de peso vivo Performance of intact or submitted to different methods of castration lambs slaughtered at 30 kg of live weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Luis de Azambuja Ribeiro

    2003-06-01

    Full Text Available Foram utilizados neste experimento 31 cordeiros cruzados Hampshire Down, Ile de France e Suffolk, distribuídos em quatro tratamentos: inteiros ou castrados com burdizzo, borracha ou faca. A castração ocorreu aos 58 dias de idade. Após o desmame, aos 84 dias, os animais foram confinados até atingirem o peso vivo de 30 a 32 kg, quando abatidos. Não houve diferença significativa entre os tratamentos e entre os grupos genéticos para os pesos ao nascimento, desmame e abate, para o ganho de peso médio diário do nascimento ao abate e para a idade ao abate. As médias para os ganhos de peso foram 0,179; 0,177; 0,170 e 0,147 kg e para a idade ao abate de 152,0; 156,0; 161,5 e 188,9 dias para os cordeiros inteiros, castrados com burdizzo, com borracha e com faca, respectivamente. Os cordeiros Hampshire Down, Ile de France e Suffolk ganharam, respectivamente, 0,176; 0,163 e 0,166 kg diariamente. Os animais inteiros apresentaram menores rendimentos verdadeiros de carcaça quente ou fria; não havendo outras diferenças importantes entre os tratamentos para as demais características de carcaça estudadas. Os cordeiros Hampshire Down apresentaram maiores rendimentos de carcaça fria, enquanto os Suffolk tiveram menores rendimentos verdadeiros de carcaça e menor percentagem de pescoço, e os Ile de France apresentaram as carcaças mais curtas. O peso ao nascimento teve efeito significativo sobre o ganho de peso e a idade ao abate dos cordeiros. Os resultados mostraram não haver diferenças no desempenho de cordeiros inteiros ou castrados por diferentes métodos abatidos entre 30 e 32 kg de peso vivo, e que pode ocorrer diferenças entre animais de diferentes grupos genéticos quando abatidos com peso semelhante.Thirty-one Hampshire Down, Ile de France and Suffolk crossbred lambs divided into four treatments: intact, castrated with burdizzo, with rubber bands and with knife, were used in this experiment. Castration occurred at 58 days of age. After

  10. Modificación del coeficiente peso/área del pié en relación con la agregación en Tarebia granifera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodríguez de la Vega Ricardo Alejandro

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analizar la dispersión de los ejemplares de una población de Tarebia granifera y su relación con la modificación de los parámetros morfométricos. METODOS: Se colectó por parcelas incluyendo dos tipos de substratos en condiciones opuestas de agregación y se comparó la abundancia relativa tanto entre muestreos, como entre sustratos. Se delimitaron 7 clases de alto a las cuales se les determinó el coeficiente peso/área del pié, el cual se correlacionó con la talla por clase. Se evaluó experimentalmente si los individuos con menor carga del pié tienen mayor persistencia en substratos emergidos, así como la interacción entre dos grupos de clases de alto. RESULTADOS: La diferencia de la abundancia entre los muestreos fue de t=5.874 (p<0.001 y de t=10.15 (p<0.001 entre el substrato rocoso emergido y el arenoso, sólo en condiciones de alta agregación, en las que la carga del pié de los individuos más grandes se reduce con la talla (r=-0.98, p<0.05. Experimentalmente, la abundancia de los ejemplares de tallas opuestas está mutuamente limitada (r=-0.87, p<0.01, la altura del oleaje limita la abundancia de los ejemplares menores (r=-0.94, p<0.001 siendo tolerada por los mayores (r=0.72, p<0.05. La carga promedio del pie disminuye con la altura del oleaje (r=-0.93, p<0.001. CONCLUSIONES: Con elevada agregación los ejemplares mayores emigran hacia substratos de difícil conquista por los menores, que están limitados por la acción mecánica del medio. La disminución de la carga del pie facilita la dispersión de los individuos.

  11. Modificación del coeficiente peso/área del pié en relación con la agregación en Tarebia granifera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Alejandro Rodríguez de la Vega

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analizar la dispersión de los ejemplares de una población de Tarebia granifera y su relación con la modificación de los parámetros morfométricos. METODOS: Se colectó por parcelas incluyendo dos tipos de substratos en condiciones opuestas de agregación y se comparó la abundancia relativa tanto entre muestreos, como entre sustratos. Se delimitaron 7 clases de alto a las cuales se les determinó el coeficiente peso/área del pié, el cual se correlacionó con la talla por clase. Se evaluó experimentalmente si los individuos con menor carga del pié tienen mayor persistencia en substratos emergidos, así como la interacción entre dos grupos de clases de alto. RESULTADOS: La diferencia de la abundancia entre los muestreos fue de t=5.874 (p<0.001 y de t=10.15 (p<0.001 entre el substrato rocoso emergido y el arenoso, sólo en condiciones de alta agregación, en las que la carga del pié de los individuos más grandes se reduce con la talla (r=-0.98, p<0.05. Experimentalmente, la abundancia de los ejemplares de tallas opuestas está mutuamente limitada (r=-0.87, p<0.01, la altura del oleaje limita la abundancia de los ejemplares menores (r=-0.94, p<0.001 siendo tolerada por los mayores (r=0.72, p<0.05. La carga promedio del pie disminuye con la altura del oleaje (r=-0.93, p<0.001. CONCLUSIONES: Con elevada agregación los ejemplares mayores emigran hacia substratos de difícil conquista por los menores, que están limitados por la acción mecánica del medio. La disminución de la carga del pie facilita la dispersión de los individuos.

  12. Bajo peso al nacer, crecimiento y desarrollo en el primer año de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elia Rosa Lemus Lago

    1997-04-01

    Full Text Available Se efectuó un estudio descriptivo, longitudinal y retrospectivo en el área de salud del Policlínico Docente "19 de Abril" con los niños nacidos con peso inferior a los 2 500 g, en el año 1994, y se siguió su evolución clínica durante el primer año de vida, que correspondió a una muestra de 23 infantes. Los datos fueron recogidos de las historias clínicas individuales de los niños y de la embarazada. Se analizaron los parámetros peso, talla, circunsferencia cefálica, valoración nutricional y desarrollo psicomotor. Predominó el bajo peso para la edad gestacional con un 65,2 y el 34,7 % correspondió a los nacidos antes del término de la gestación. El 100 % de los pretérmino al año de vida tuvieron una valoración nutricional normal. No se comportaron de igual forma los de bajo peso para la edad gestacional en los que el 20 % quedaron por debajo del 3er. percentil.A descriptive, longitudinal and retrospective study was conducted at the health area of the "19 de Abril" Teaching Polyclinic. 23 infants who were born in 1994 with a birth weight < 2 500 g were included in the sample. Their clinical evolution was followed during the first year of life. The data were obtained from the individual medical histories of the children and of the pregnant women. The following parameters were analyzed: weight, size, cephalic perimeter, nutritional assessment and psychomotor development. Low weight prevailed for the gestational age with 65.2 %, whereas 34.7 % corresponded to preterm deliveries. 100 % of the preterm infants had a normal nutritional assessment after the first year of life. However, 20 % of those with low weight at the gestational age remained under the third percentile.

  13. Efectos del bajo peso materno preconcepcional sobre el embarazo y el parto

    OpenAIRE

    López Montero, Maribel; Trufero Cánovas, Norma

    2006-01-01

    Se realizó un estudio de cohorte no concurrente pareado 1:1 para investigar los efectos del bajo peso materno preconcepcional (malnutrición materna por defecto) sobre el embarazo, el parto y el recién nacido en el Policlínico Finlay del municipio Camagüey desde octubre de 2002 hasta abril de 2004. Fueron estudiadas 51 gestantes malnutridas por defecto y 51 embarazadas sin riesgo. Los datos fueron tomados a partir de los registros oficiales de la atención perinatal complementados con una encue...

  14. Fatores maternos associados ao peso fetal estimado pela ultra-sonografia

    OpenAIRE

    Melo,Adriana Suely de Oliveira; Amorim,Melania Maria Ramos de; Assunção,Paula Lisiane; Melo,Fabiana de Oliveira; Gondim,Sheila Sherezaide Rocha; Carvalho,Danielle Franklin de; Cardoso,Maria Aparecida Alves

    2008-01-01

    OBJETIVO: avaliar o efeito de variáveis maternas, socioeconômicas e obstétricas, assim como a presença de incisuras na 20ª e na 24ª semana, sobre o peso fetal estimado no final da gravidez (36ª semana) em gestantes atendidas pelo Programa Saúde da Família em uma cidade do interior do Nordeste do Brasil. MÉTODOS: estudo longitudinal incluindo 137 gestantes. As gestantes foram acompanhadas a cada quatro semanas para aferição das condições clínicas, socioeconômicas e obstétricas, incluindo o pes...

  15. El recién nacido de bajo peso: Algunas consideraciones epidemiológicas Low birth weight infant: Some epidemiological considerations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nora María Pérez Guirado

    2005-12-01

    Full Text Available Se realiza un estudio observacional, analítico y con un modelo de diseño del tipo de casos y controles de todas las mujeres pertenecientes al área de salud del Policlínico Docente “Bernardo Posee”, en el municipio San Miguel del Padrón, que tuvieron un recién nacido con un peso inferior a 2 500 g en el período comprendido entre los años 1995 a 2004, que constituyó la muestra de estudio. De forma aleatoria se conformó un grupo control de mujeres con recién nacidos con peso superior o igual a 2 500 g. Se aplicaron pruebas estadísticas para la determinación del riesgo relativo, el Chi cuadrado y el intervalo de confianza del riesgo relativo de cada factor. En esta investigación quedó demostrado que el hábito de fumar y la sepsis vaginal por trichomona y/o vaginitis bacteriana son, entre otros, los antecedentes y riesgos que con más frecuencia aportaron a este indicador en nuestra área de salud. Se observó también la incidencia de antecedentes obstétricos de 2 o más abortos, nuliparidad y período intergenésico menor de 1 año.An observational, analytical case-control study of all women from the health area of “Bernardo Posee” Polyclinic, in “San Miguel del Padrón” municipality, that had a newborn with a weight under 2 500 g from 1995 to 2004, was conducted.This group was the study sample. A control group of women with a weight over or equal to 2 500 g was selected at random.Statistical tests were applied to determine the relative risk of each factor. It was proved in this reasearch that smoking and vaginal sepsis due to trichomona and/or bacterial vaginitis are, among others, the antecedents and risks that more frequently contributed to this indicator in our health area. An incidence of obstetric history of 2 or more abortions, nulliparity and an intergenesic period of less than a year were also observed.

  16. INFLUÊNCIA DA PERIODIZAÇÃO DO TREINAMENTO COM PESOS NA MASSA CORPORAL MAGRA EM JOVENS ADULTOS DO SEXO MASCULINO: UM ESTUDO DE CASO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Peraro Ramalho

    2008-05-01

    Full Text Available A preocupação do treinador em organizar o treinamento de modo à proporcionar ao atleta uma ótima resposta adaptativa, levando em consideração os objetivos definidos, tem sido um alvo almejado desde a década de 1960. Considerando a importância do planejamento do treinamento, o presente estudo teve como objetivo analisar a influência dos modelos de mesociclo linear e não-linear aplicados ao treinamento com pesos, no aumento da massa corporal magra. O estudo caracterizou-se como pesquisa quase-experimental. A amostra foi constituída de oito homens que se encontravam num nível intermediário de treinamento, divididos em dois grupos experimentais. O grupo 1 realizou o treinamento com base no modelo linear ou estável (sem variação da sobrecarga de semana para semana, e o grupo 2 realizou o treinamento baseado no modelo não-linear ou ondulante (com variação da sobrecarga de semana para semana, ambos num período de oito semanas. Na coleta de dados utilizou-se uma fita métrica para as medidas antropométricas de circunferência, uma balança da marca Filizola para a aferição do peso e um adipômetro da marca Cescorf para a medida da espessura das dobras cutâneas utilizadas na estimativa da composição corporal. As médias obtidas no pré e no pós-teste dos grupos foram comparadas pelo teste “t” de student a um nível de significância de 5% (p < ou =0,05. Analisando os resultados obtidos na comparação do pós-teste entre o grupo 1 e o grupo 2, pode-se concluir que não houve diferenças estatisticamente significativas, porém, o grupo 2, com base no modelo de treinamento não-linear de musculação, obteve um aumento estatisticamente significativo na massa corporal magra, na comparação entre o seu pré e pós-teste, levando a crer que a estruturação dos mesociclos utilizando esse modelo seja uma forma eficaz e segura para a sua aplicação no treinamento de força visando a hipertrofia muscular.

  17. Hábitos dietéticos, peso elevado, consumo de tabaco, lipidemia e hipertensión arterial en adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Remigio Rafael Gorrita Pérez

    Full Text Available Introducción: aunque se conoce que la hipertensión arterial puede tener su origen desde la infancia y adolescencia, en esta etapa no es tan bien valorada como en el adulto. Objetivo: determinar la incidencia de hipertensión arterial en escolares adolescentes, y su relación con hábitos dietéticos, peso elevado, hábito de fumar e hiperlipidemias. Métodos: se realizó un estudio prospectivo y analítico en 532 adolescentes entre 12 y 14 años, de ambos sexos, de la Escuela Secundaria Básica Urbana "Ignacio Agramonte y Loynaz" de San José de las Lajas, durante el curso 2012-2013. Se estableció el riesgo relativo o razón de incidencia para los factores estudiados y la hipertensión arterial. Resultados: se identificaron cifras elevadas de tensión arterial en 21 estudiantes (3,9 %. El 18,6 % eran obesos y sobrepesos, solo el 5,45 % mostró una frecuencia óptima de alimentación posiblemente saludable. Casi la totalidad de obesos y sobrepesos se encontraban entre los que tenían una alimentación no saludable o con riesgo de no serlo. El 95,2 % de los hipertensos recibían alimentación no saludable, o con riesgo de no serlo. El 5 % practicaba el hábito de fumar. El 19,0 y el 14,3 % de los hipertensos tenían cifras elevadas de colesterol y triglicéridos respectivamente, y el 16,1 % de ambos estaban elevados en los obesos. Conclusiones: se estableció la incidencia de hipertensión arterial en adolescentes de una escuela secundaria básica. Se identificaron los hábitos dietéticos inadecuados, el peso elevado y el consumo de tabaco.

  18. Desigualdades sociodemográficas e suas conseqüências sobre o peso do recém-nascido Consequences of sociodemographic inequalities on birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Leal

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as desigualdades sociodemográficas, na assistência pré-natal e ao parto e suas conseqüências sobre o peso ao nascer. MÉTODOS: Estudo realizado em amostra de 10.072 puérperas atendidas em maternidades públicas, conveniadas com o Sistema Único de Saúde, e particulares do Município do Rio de Janeiro, no período de 1999-2001. Para verificar a associação entre peso ao nascer e características maternas, sociodemográficas, biológicas e da assistência pré-natal (índice de Kotelchuck modificado, realizaram-se regressões lineares múltiplas, estratificando as puérperas segundo nível de instrução. Foi utilizada a técnica de bootstrap com intervalos de confiança acurados para as estimativas dos efeitos. RESULTADOS: Na análise bivariada, para quase todas as variáveis estudadas, as médias de peso ao nascer foram menores entre as mães de escolaridade mais baixa. Na análise da regressão múltipla para o grupo de baixa escolaridade, o peso ao nascer associou-se diretamente com o índice de Kotelchuck modificado e a idade gestacional, e inversamente com as variáveis cor da pele preta, hábito de fumar e a experiência de filhos prematuros anteriores. Idade materna e paridade tiveram comportamentos distintos nos extremos e na faixa central dos dados. No grupo de maior escolaridade somente a paridade, a idade gestacional e o índice de Kotelchuck modificado foram significativos e se associaram diretamente com o peso ao nascer. Verificou-se o papel protetor da assistência pré-natal, assim como o efeito negativo do hábito de fumar independente do nível de escolaridade das mães. CONCLUSÕES: As variáveis que explicaram o peso ao nascer dos neonatos de mães com elevada escolaridade foram de natureza biológica, em contraste com os determinantes sociais encontrados no grupo de baixa escolaridade.OBJECTIVE: To analyze sociodemographic inequalities in prenatal and childbirth care and their consequences on birth

  19. Entre grafos y bits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Boserman

    2014-02-01

    Full Text Available Este texto se propone ahondar en las intersecciones de lo analógico y lo digital, en el encuentro de la baja y la alta tecnología. Tomando consciencia de la materialidad de ambas esferas para pensar desde ahí en objetos, prácticas de dibujo y documentación que puedan aportar otras formulaciones aplicables a métodos de investigación. Entre grafos y bits, diseccionaremos un objeto, el #relatograma, analizaremos su ecología y propondremos una reflexión acerca de su condición digital que genera paisajes por agregación #coreograma, explorando así su capacidad de ser reporte y aporte cognitivo. Between graphs and bits  Abstract This paper delves into the intersections of analogue and digital cultures, at the points at which low and high technology converge. While acknowledging the materiality of these two spheres, I aim to produce an enquiry into objects, drawings and documentation practices that can contribute to developing new research methods. Among graphs and bits, I will dissect one object: the #relatograma, in order to analyze its ecology and propose a critical reflection on its digital condition and its ability to produce aggregated landscapes, or what I define as #coreograma. I will thereby explore its ability to be share information and produce knowledge. Keywords: Material culture; research methods; digital objects; drawing; #relatograma.

  20. Ganancia de peso del depredador Podisus distinctus (Heteroptera: Pentatomidae en combinaciones de las presas Tenebrio molitor (Coleoptera: Tenebrionidae y Musca domestica (Diptera: Muscidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto da Costa Matos Neto

    2004-03-01

    Full Text Available Entre las ninfas de los asopíneos usados para el control de gusanos desfoliadores en plantaciones de eucalipto, Podisus distinctus (Stal (Heteroptera: Pentatomidae representa un potencial agente de control biológico, sin embargo esta especie ha sido poco estudiada. El presente trabajo evaluó el efecto de las diferentes combinaciones de las presas Musca domestica L. (Diptera: Muscidae y Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae sobre el peso de ninfas de P. distinctus. El experimento se realizó en laboratorio do "Instituto de Biotecnologia Aplicada à Agropecuaria (BIOAGRO", a 25 ± 0.5ºC, 60 ± 10% de humedad relativa y 14 horas de fotoperiodo. Las ninfas de P. distinctus fueron individualizadas en cajas de Petri y alimentadas de acuerdo con los siguientes tratamientos: T1- larvas de M. domestica durante toda la fase ninfal; T2- larvas de M. domestica en el II estadio y de T. molitor en los III, IV y V estadios; T3- larvas de M. domestica en el II y III estadios y de T. molitor en los IV y V estadios; T4- larvas de M. domestica en el II, III y IV estadios y de T. molitor en el V estadio; T5- larvas de T. molitor en todos los estadios. Los mejores resultados de peso y ganancia de peso fueron encontrados cuando P. distinctus fue alimentado alternadamente con larvas de M. domestica y T. molitor. Cuando esse depredador fue solamente alimentado con larvas de M. domestica, presentó pesos menoresLitlle is known about Podisus distinctus (Stal (Heteroptera: Pentatomidae one of the Asopinae species with good possibilities for mass rearing and releasing against defoliator caterpillars in eucalyptus reforested areas in Brazil. We evaluated the impact of prey combinations on weight of nymphs and adults of P. distinctus. The prey were Musca domestica L. (Diptera: Muscidae and Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae. The experiment was developed under 25 ± 0.5ºC, 60 ± 10% R.H. and photophase of 14 hr, with nymphs of P. distinctus

  1. Comparação entre os volumes pulmonares irradiados com técnica bidimensional e tridimensional conformada na radioterapia de pacientes com tumores de pulmão localmente avançados Comparison between irradiated lung volumes with two-dimensional and three-dimensional conformal radiotherapy techniques for locally advanced lung cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa de Andrade Carvalho

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar e quantificar os volumes pulmonares irradiados utilizando planejamentos bidimensional (2D e tridimensional (3D conformado na radioterapia de tumores de pulmão. MATERIAIS E MÉTODOS: Em 27 pacientes portadores de câncer de pulmão foi feito planejamento 3D e outro correspondente em 2D. As doses prescritas variaram de 45 a 66 Gy. Foram avaliadas as doses no volume alvo planejado (PTV, volume tumoral macroscópico (GTV e pulmões (volume de pulmão que recebe 20 Gy ou 30 Gy - V20 e V30, respectivamente, e dose média. Os órgãos de risco adjacentes (medula espinhal, esôfago e coração receberam doses abaixo dos limites de tolerância. RESULTADOS: O GTV variou de 10,5 a 1.290,0 cm³ (média de 189,65 cm³. Nos planejamentos 2D foi utilizado, em média, um total de 59,33 campos, e nos planejamentos 3D, 75,65 campos. Em todas as situações analisadas houve significante (p OBJECTIVE: To compare and quantify irradiated lung volumes using two-dimensional (2D and three-dimensional (3D conformal planning for radiotherapy in the treatment of lung cancer. MATERIALS AND METHODS: 2D and 3D conformal radiotherapy plannings were performed for 27 patients with lung cancer. Prescribed doses ranged from 45 to 66 Gy. The analysis covered the doses to planning target volume (PTV, gross tumor volume (GTV and lungs (lung volume receiving 20 Gy or 30 Gy - V20 and V30, respectively, and mean dose. The doses to adjacent organs at risk (spinal cord, esophagus and heart were maintained below the tolerance limits. RESULTS: GTV ranged from 10.5 to 1,290.0 cm³ (mean, 189.65 cm³. On average, a total of 59.33 fields were utilized in the 2D planning and 75.65 fields in the 3D planning. Lung volumes were significantly preserved (P < 0.05 with the 3D conformal planning in all the evaluated cases, with about 15% decrease in the irradiated lung volumes. Lungs without tumor were most benefited from this technique. CONCLUSION: 3D radiotherapy allowed a better

  2. Fatores de risco para a mortalidade de recém-nascidos de muito baixo peso em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal Factores de riesgo para la mortalidad de recién nacidos de muy bajo peso en Unidad de Terapia Intensiva Neonatal Risk factors for the mortality of very low birth weight newborns at a Neonatal Intensive Care Unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jair Almeida Carneiro

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores associados à mortalidade de recém-nascidos de muito baixo peso internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de referência no Norte de Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal baseado na análise de prontuários de uma amostra aleatória de recém-nascidos admitidos em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de janeiro de 2007 a junho de 2010. Foram considerados elegíveis para o estudo recém-nascidos com peso inferior a 1500g, provenientes do bloco obstétrico da própria instituição. Foram identificadas variáveis demográficas maternas, variáveis relacionadas às condições de gestação e parto e variáveis do recém-nascido. A associação entre as variáveis foi aferida por meio do teste do qui-quadrado e Odds Ratio. As variáveis associadas até o nível de 25% (pOBJETIVO: Identificar los factores asociados a la mortalidad de recién nacidos de muy bajo peso, internados en una Unidad de Terapia Intensiva Neonatal de referencia en el Norte de Minas Gerais, Brasil. MÉTODOS: Estudio transversal, basado en el análisis de prontuarios de una muestra aleatoria de recién nacidos admitidos en una Unidad de Terapia Intensiva Neonatal desde enero de 2007 hasta junio de 2010. Fueron considerados elegibles para el estudio los recién nacidos con peso inferior a 1.500g, provenientes del bloque obstétrico de la propia institución. Fueron identificadas variables demográficas maternas, variables relacionadas a las condiciones de gestación y parto y variables del recién nacido. La asociación entre las variables fue verificada por medio de la prueba de chi cuadrado y Odds Ratio. Las variables asociadas hasta el nivel de 25% (pOBJECTIVE: To identify variables associated with mortality among very low birth weight infants admitted to a Neonatal Intensive Care Unit in Minas Gerais, Southeastern Brazil. METHODS: Cross-sectional study based on chart data of a random sample of premature

  3. Variação temporal na prevalência do excesso de peso e obesidade em adultos: Brasil, 2006 a 2009 Temporal variation in the prevalence of weight and obesity excess in adults: Brazil, 2006 to 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Petrucci Gigante

    2011-09-01

    Full Text Available Excesso de peso e obesidade são problemas de saúde pública que atingem parcela importante da população mundial. Este estudo tem o objetivo de descrever as tendências nas prevalências do excesso de peso e da obesidade, no período de 2006 e 2009, obtidas por meio de entrevistas telefônicas em 27 cidades brasileiras com uma população de 18 anos ou mais. O índice de massa corporal (IMC foi calculado a partir do peso e altura referidos; o excesso de peso e obesidade foram definidos por IMC >25 kg/m² e >30 kg/m², respectivamente. A variação temporal das prevalências do excesso e peso e de obesidade é apresentada para homens e mulheres, de acordo com grupo etário, escolaridade, união estável e cor da pele. A regressão de Poisson foi utilizada na análise. As prevalências do excesso de peso foram 43,0, 42,7, 44,2 e 46,6%, para cada ano do período de 2006 a 2009, respectivamente. Para obesidade, no mesmo período, foram encontradas as seguintes prevalências: 11,4, 12,7, 13,2 e 13,8%. A tendência temporal variou em relação às variáveis demográficas e econômicas. O aumento nas prevalências ocorreu nas mulheres e entre os mais jovens. A tendência temporal foi independente do estado civil dos entrevistados, mas o aumento nas prevalências ocorreu em mulheres brancas e com menor escolaridade. Os resultados do presente estudo confirmam a urgência da necessidade de medidas efetivas de prevenção e controle, uma vez que a tendência do aumento está ocorrendo em um curto intervalo de tempo, especialmente entre os jovens.Overweight and obesity are public health issues that affect an important part of the world population. This study aims at describing the trends in overweight and obesity prevalence rates from 2006 to 2009, by means of telephone surveys in 27 Brazilian cities, with a population aged 18 years or older. The body mass index (BMI was calculated by the reported height and weight; overweight and obesity were

  4. Fatores associados com a retenção e o ganho de peso pós-parto: uma revisão sistemática Risk factors associated with postpartum weight gain and retention: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Maria de Aquino Lacerda

    2004-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A retenção de peso após o parto é um dos determinantes da obesidade em mulheres. Seu desenvolvimento está relacionado com o ganho de peso gestacional, paridade, idade, situação marital, consumo energético, atividade física e lactação, mas as associações encontradas têm se mostrado inconclusivas e contraditórias. Objetivos: Avaliar estudos que identificaram fatores preditores da retenção e ganho de peso após o parto. MATERIAL E MÉTODOS: Foi realizada uma revisão de literatura na Base de Dados LILACS e MEDLINE, referente aos anos de 1993 a 2003. RESULTADOS: Vinte e oito artigos foram identificados, sendo 23 estudos de coorte, quatro estudos transversais e um estudo caso-controle. A maioria dos estudos foi realizada nos EUA e o tempo de acompanhamento após o parto ocorreu principalmente entre seis semanas e 24 meses. Cerca de 25% dos estudos apresentaram perdas superiores a 30%, 61% incluíram adolescentes na amostra e 75% não aferiram o peso pré-gestacional. Sete estudos foram considerados de melhor qualidade, pois utilizaram o peso pré-gestacional medido, incluíram grupo de comparação, excluíram adolescentes, apresentaram perdas de seguimento inferiores a 30% e controlaram para variáveis de confundimento. CONCLUSÃO: Ganho de peso gestacional, raça negra e paridade estão associados positivamente com a retenção de peso pós-parto. As evidências são contraditórias para a variável lactação e insuficientes para as variáveis consumo alimentar e atividade física. São necessários estudos cuidadosamente desenhados para esclarecer estas questões.BACKGROUND: Postpartum weight retention is a trigger for developing obesity in women. It is often associated with weight gain during pregnancy, parity, age, marital status, food intake, physical activity and lactation. However, the associations found have proven to be inconclusive or contradictory. OBJECTIVES: The purpose of this review was to study risk

  5. Fatores intervenientes no seguimento do tratamento nutricional para redução de peso em mulheres atendidas em uma unidade básica de saúde do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene da Silva Araújo Gonçalves

    2015-05-01

    Full Text Available Introdução: A prevalência de excesso de peso cresceu consideravelmente nos últimos 30 anos representando um desafio para a Saúde Pública. Além disso, o padrão estético magro tem contribuído para a procura por atendimento nutricional, entretanto, a não adesão ao tratamento para perda de peso é elevada. Objetivo: Identificar os principais fatores intervenientes no seguimento ao tratamento nutricional para redução de peso em mulheres. Materiais e Métodos: Estudo transversal e descritivo contendo dados socioeconômicos, comportamentais e percepção do tratamento nutricional foi realizado em mulheres com idade maior ou igual a 18 anos em uma Unidade Básica de Saúde entre 2008-2010. Posteriormente, foram anotados dados antropométricos e número de consultas dos prontuários. Resultados: Aproximadamente 8% das mulheres melhoraram o estado nutricional e 3% atingiu os níveis de eutrofia. O diagnóstico de obesidade grau III se manteve na mesma proporção. Apenas 69,71% foram ao segundo retorno, 31,43% não perderam/ganharam peso, 58,29% perderam peso, sendo que 34,86% perderam até 3Kg. Os fatores intervenientes mais frequentes para não adesão ao tratamento foram: sensação de fome (38,31%, fracionamento da dieta (44,81%, controlar apetite/ansiedade/nervosismo (44,16% e comer em menor quantidade (22,08%. Aproximadamente 40% considerou fácil a inclusão diária de frutas/hortaliças, preferência por preparações com menor teor de gordura/alimentos integrais, redução de açúcar/doces/refrigerantes/lanches. Discussão e Conclusões: Foram observadas baixa frequência de comparecimento às consultas e de perda de peso.  Os fatores intervenientes mais frequentes foram relacionados ao controle emocional e fisiológico da fome. São necessárias estratégias motivacionais e focadas no indivíduo na tentativa de potencializar resultados do tratamento utricional.Cómo citar este artículo: Goncalves I, Ferreira N, Reis P, Pena G

  6. Influência do peso vivo, da idade e do sexo sobre características de carcaças de equinos Influence of body weight, age and sex on characteristics of carcasses of equines

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Furtado

    2010-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar as características quantitativas de carcaças de equinos, classificaram-se 72 equinos sem raça definida segundo o peso vivo, a idade e o sexo. Foram determinados o peso de carcaça fria, a quebra ao resfriamento, o rendimento de carcaça, os pesos de dianteiro e traseiro e a relação músculo/ossos. O modelo estatístico foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3 x 3, com dois sexos, três faixas etárias e três faixas de peso vivo. A maior faixa de peso correspondeu a maior peso de carcaça, com média de 201,71 kg; e a maior relação músculo/osso, com 77,69%. A menor quebra ao resfriamento foi observada na menor faixa de peso, com 2,03%. A média para rendimento de carcaça foi de 51,20%, para dianteiro 54,86% e para traseiro 45,06%. Houve interação entre sexo e idade dos animais para a variável rendimento de carcaça, que foi maior nos machos jovens (até 8 anos que nos mais velhos e nas fêmeas. Portanto, no abate de equinos, é recomendável priorizar animais jovens e mais pesados, por apresentarem maior quantidade de carne tipo exportação.With the objective of evaluating the quantitative characteristics of carcasses of equines, 72 undefined breed equines were classified by body weight, age and sex. It was determined cold carcass weight, cooling loss, carcass yield, front and back weight and muscle/bone ratio. The statistical model used was a completely randomized design in a 2 x 3 x 3 factorial scheme, with the two sexes, three age ranges and three ranges of body weights. The highest weight range corresponded to the highest carcass weight with average of 201.71 kg, and the highest muscle/bone ratio with 77.69%. The lowest cooling loss was observed in the lowest weight range, with 2.03%. The average for carcass yield was of 51.20%, for front and back, 54.86% and 45.06%, respectively. There was an interaction between sex and age of the animals for carcass yield variable, which was higher in

  7. Composición de leche de vacas Criollo, Guzerat y sus cruzas F1 y su relación con el peso al destete de las crías

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Martínez Velázquez

    2010-01-01

    Full Text Available Se utilizaron 619 registros productivos generados entre 2001 y 2003 por vacas Guzerat (G, Criollo (C, Guzerat x Criollo (GC y Criollo x Guzerat (CG. Las variables estudiadas fueron porcentaje de grasa (%G, proteína (%P, lactosa (%L y sólidos no grasos (%SNG contenidos en la leche y kilogramos de grasa (GP, proteína (PP, lactosa (LP y sólidos no grasos (SNGP producidos por lactancia. También se evaluaron peso al nacer (PN y peso al destete ajustado a 210 días de edad (PA210 y se estimaron efectos genéticos directos, maternos, de heterosis y la relación entre componentes de la leche y PA210. Para %G, %P, %L, %SNG, GP, PP, LP y SNGP los modelos incluyeron los efectos fijos de grupo genético de la vaca (GEN, número de parto (NP, año de parto (A, época de parto (E, días posparto (D e interacciones de dos factores (F. Para PN y PA210 los modelos incluyeron GEN, NP, A, E y F. Se estimaron correlaciones residuales entre componentes de la leche y PA210. Heterosis fue importante (P<0.05 para GP (5.07+1.9 kg, PP (4.97+1.5 kg, LP (7.04+2.1 kg, SNGP (13.48+3.8 kg, PN (-1.30+0.6 kg y PA210 (12.65+4.2 kg. Los efectos genéticos directos para LP, SNGP, PN y PA210 fueron favorables (P<0.05 a G en 11.08+3.7, 16.98+6.6, 3.80+1.1 y 37.60+7.6 kg. Se detectaron correlaciones importantes (P<0.05 de PA210 con GP (0.16, LP (0.21 y SNGP (0.19. Las correlaciones sugieren que la cantidad de componentes en la leche fue importante para determinar el peso al destete de los becerros.

  8. Excesso de peso em crianças de pré-escolas: prevalência e fatores associados Excess weight in preschoolers: prevalence and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilaine Schuch

    2013-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência e os fatores associados ao excesso de peso em crianças matriculadas em escolas públicas dos estados do Rio Grande do Sul (RS e Santa Catarina (SC. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com crianças de idade entre quatro e seis anos. O desfecho estudado foi o excesso de peso, definido através do escore Z > 2DP para o Índice de Massa Corporal (IMC/idade, em comparação com a população de referência da OMS 2006/2007. As medidas antropométricas de massa corporal e altura foram aferidas em duplicata, utilizando-se técnicas padronizadas conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS. Os dados foram duplamente digitados utilizando o software EPI-INFO, versão 6.04. Foram calculadas frequências absolutas e relativas e médias (DP. Associações entre excesso de peso e demais variáveis foram avaliadas em modelo de Poisson de variância robusta. Foi utilizado o programa STATA versão 12.0 (p OBJECTIVE: To study the prevalence and factors associated with excess weight in children enrolled in public schools in the states of Rio Grande do Sul (RS and Santa Catarina (SC. METHODS: This was a cross-sectional study, carried out with children aged 4 to 6 years. The studied outcome was excess weight, defined by z-score > two standard deviations for body mass index (BMI/age, compared with the World Health Organization (WHO reference population of 2006/2007. Anthropometric measurements of body mass and height were measured in duplicate using standard techniques, in accordance with the WHO. Data were double entered using EPI-INFO software, release 6.04. Absolute and relative frequencies were calculated, as well as mean values and standard deviations. Associations between excess weight and other variables were assessed by using Poisson model with robust variance. STATA software release 12.0 was used (p < 0.05. RESULTS: A total of 4,914 children were evaluated (2,578 in RS and 2,336 in SC. In RS, the incidence of excess

  9. EFECTO DE UN PLAN DE ENTRENAMIENTO FÍSICO EN EL CONSUMO MÁXIMO DE OXÍGENO (VO2MÁX Y EL PESO EN PACIENTES HIPERTENSOS ADULTOS MAYORES ADSCRITOS A LA IPS CAJASAN (BUCARAMANGA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luis Pérez Sierra

    2014-11-01

    Full Text Available El ejercicio físico adquiere cada vez más importancia en el tratamiento de los pacientes con hipertensión arterial, sobrepeso y obesidad. Desde hace más de cinco décadas se sabe que el ejercicio físico tiene efectos favorables en el tratamiento de la hipertensión arterial y otros factores de riesgo, es coadyuvante en el tratamiento de las enfermedades cardiovasculares y favorece el consumo máximo de oxígeno (VO2máx. El objetivo de este trabajo fue determinar el efecto de un plan de entrenamiento físico sobre el VO2máx y el peso en adultos mayores hipertensos adscritos a la IPS Cajasan Bucaramanga. Es una investigación cuasiexperimental, se tomaron cuarenta pacientes entre 60 y 75 años, en dos grupos iguales, uno con entrenamiento aeróbico, fuerza y flexibilidad (intervención, el otro, caminata diaria, (control, con duración de doce semanas. Se tomó pretest y postest con prueba de esfuerzo, peso, índice de masa corporal, perímetro de cintura. Se compararon los resultados. En el grupo intervención, el VO2máx aumentó 27%, el peso disminuyó 2,2 %, el perímetro de cintura bajó el 2%. En el grupo control no hubo cambios significativos.

  10. Talla, peso, somatotipo y composición corporal en gimnastas de élite españolas (gimnasia rítmica desde la infancia hasta la edad adulta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Irurtia Amigó

    2009-03-01

    Full Text Available Introducción y objetivos: El objeto del presente estudio fue caracterizar el comportamiento de la talla y el peso, el somatotipo y la composición corporal, a lo largo de la edad, en gimnastas de élite españolas (gimnasia rítmica, y comparar dichos valores con los de la población española de referencia. Método: El diseño del estudio fue retrospectivo, observacional, descriptivo y presentó dos estrategias de agrupación de la muestra: transversal (n=151 y mixta-longitudinal (n = 79. Las variables analizadas fueron: talla, peso, somatotipo (endomorfismo, ectomorfismo, mesomorfismo, y composición corporal (∑6 pliegues, masa grasa, masa muscular, y masa libre de grasa. Resultados: Al no observarse diferencias significativas (p > 0,05 entre la muestra transversal y la mixta-longitudinal en ninguna de las variables analizadas, los resultados de la primera se consideraron como cambios relacionados con la edad. Conclusiones: El grupo de gimnastas de élite, desde los 10 años, presenta valores de talla superiores, e inferiores de peso, en comparación con la población española de referencia. Ambas variables muestran un perfil evolutivo en consonancia con lo observado en otros estudios, con sendos retrasos en el momento de aparición de los picos de crecimiento. Las gimnastas conforman desde las primeras edades un grupo somatotípicamente homogéneo, en el que destaca el componente ectomórfico. No se observan incrementos significativos de los valores de masa grasa y masa muscular a lo largo de la edad. Desde las primeras edades, las características somáticas descritas sugieren un proceso de selección previo.

  11. Estudio inmunohistoquímico de moléculas de adhesión en placentas de niños de bajo peso al nacer en el Hospital Universidad del Norte, Barranquilla (Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luz Alba Silvera Arenas

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Observar la expresión de moléculas de adhesión VCAM-1, ICAM-1 en placentas de niños de bajo peso al nacer. Se estudiaron 21 placentas de pacientes atendidas en el Hospital Universidad del Norte en el periodo de mayo a diciembre de 2006. Materiales y métodos: Se realizó estudio macroscópico de las placentas: forma, peso, diámetro grosor, consistencia, color, olor. Para estudios microscópicos se realizaron 5 cortes de la placa corial, uno del rollo de membrana y otro del cordón umbilical. Los cortes fueron fijados en formol al 10 %, incluidos en parafina, coloreados con hematoxilia - eosina para estudios morfológicos. Para estudios inmunohistoquímicos se usaron anticuerpos monoclonales Nova Castra para ICAM-1, VCAM-1, macrófagos. Resultados: Dieciocho placentas de forma redonda, 3 ovaladas; el peso varió entre 240 - 400 gramos; 3 presentaron infarto en los cotiledones. En la micro 18 presentaron necrosis hialina de la media, hiperplasia de la intima, macrófagos xantomatosos, infiltrado linfocitario en tres. En la inmunohistoquímica se observó expresión de ICAM-1, VCAM-1, en la basal de las vellosidades coriales, en la basal de los vasos sanguíneos y macrófagos en el estroma conjuntivo Conclusiones: En dieciocho de los casos los cambios fueron compatibles con preeclampsia, tres con proceso virales. La expresión de moléculas de adhesión y macrófago en la inmunohistoquímica nos sugiere que estas moléculas son fundamentales en los proceso fisiopatológicos de la placenta.

  12. Estado nutricional e anemia ferropriva em gestantes: relação com o peso da criança ao nascer Nutritional status and iron-deficiency anemia in pregnant women: relationship with the weight of the child at birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela da Silva Rocha

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a prevalência de anemia durante a gestação e correlacioná-los com o peso do recém-nascido. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com gestantes que realizaram o pré-natal no único serviço público de saúde do município de Viçosa, MG, no período de dezembro de 2002 a maio de 2003. Foi aplicado questionário com informações maternas e realizada dosagem de hemoglobina através do Hemocue, além da obtenção de dados de peso e estatura da gestante. As informações referentes aos recém-nascidos foram obtidas no programa Sistema de Informação de Nascidos Vivos/MS. RESULTADOS: Foram avaliadas 168 gestantes de baixo nível socioeconômico e baixa escolaridade. Encontraram-se 41,3% de gestantes com estado nutricional pré-gestacional inadequado, sendo 25,7% com baixo peso e 17,4% com sobrepeso ou obesidade. A maioria das gestantes apresentou ganho de peso inadequado durante a gestação. A prevalência total de anemia ferropriva foi de 21,4%, sendo que essa aumentou com a idade gestacional. A freqüência de baixo peso e peso insuficiente ao nascer foi de 8,9% e 28,6%, respectivamente. As variáveis antropométricas (peso pré-gestacional, estatura, índice de massa corporal pré-gestacional e ganho de peso total apresentaram associação estatisticamente significante com o peso ao nascer. CONCLUSÃO: As variáveis antropométricas maternas apresentaram correlação com o peso ao nascer. Neste estudo não houve relação entre o estado nutricional de ferro das gestantes e o peso de nascimento.OBJECTIVE: The purpose of the study was to evaluate the nutritional status and prevalence to anemia during pregnancy, and to correlate these factors with the weight at birth. METHODS: A transversal study was carried out with pregnant women who underwent prenatal care at the only public health service in the municipality of Viçosa, MG, Brazil, from December 2002 to May 2003. A questionnaire was applied

  13. Potencial reprodutivo de Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae influenciado pelo peso do corpo da fêmea - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i1.2081 Reproductive potential of the predator Supputius cincticeps (Heteroptera: Pentatomidae affected by female body weight - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v25i1.2081

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose Eduardo Serrão

    2003-04-01

    Full Text Available O potencial reprodutivo de fêmeas de Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae de duas classes de peso foi avaliado. Machos e fêmeas desse predador foram obtidos de ninfas alimentadas com pupas de Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae. Foram analisadas fêmeas com peso inferior a 45 mg (fêmeas leves e superior a 60 mg (fêmeas pesadas. A longevidade e os períodos de pré-oviposição, oviposição e pós-oviposição foram semelhantes entre fêmeas das duas classes de peso, enquanto aquelas mais pesadas apresentaram maior número de posturas, ovos, ovos/postura e ninfas. Períodos entre posturas e de incubação dos ovos foram menores para fêmeas com peso superior a 60mg. Esses resultados são discutidos em relação ao uso de fêmeas mais pesadas de S. cincticeps para aumentar a produção em criação massal desse predadorThe reproductive potential of Supputius cincticeps (Stal (Heteroptera: Pentatomidae females of two weight classes was evaluated with males and females of this predator obtained from nymphs fed on Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae pupae. Females of S. cincticeps weighing less than 45 mg (light females and more than 60 mg (heavy females constituted the treatments. Pre-oviposition, oviposition and post-oviposition periods besides adult longevity were similar between treatments while number of egg masses, eggs, eggs/egg mass and number of nymphs hatched were higher for heavier females. Periods between egg mass laying and egg incubation were shorter for insects of the last treatment. These results are discussed in relation to the use of heavier females of S. cincticeps to improve mass rearing of this predator in laboratory

  14. Evolución del peso colombiano al interior de la banda monetaria, análisis de no linealidad y modelaje estocástico.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alejandro Revéiz Hérault

    2010-05-01

    Full Text Available Este documento analiza el comportamiento de la tasa de cambio del peso colombiano contra el dólar americano durante el periodo en el cual se mantuvo una banda monetaria (enero 1994-septiembre 1999. Se ofrece un análisis descriptivo del cual combina la implementación de la política monetaria, una descripción de la estructura de mercado y sus participantes, y finalmente la evolución del comportamiento de la tasa de cambio. Dado el hecho de que una relación lineal no es suficiente para explicar la evolución de la tasa de cambio nominal en términos de la oferta y demanda del sector real y las posiciones de cambio del sistema financiero, se utilizan técnicas de redes neurales con el fin de obtener algún poder explicativo sobre la no linealidad de las series de tiempo. Consecuentemente se ejecutan test estadísticos, entre ellos test de no linealidad, con el fin de analizar más a profundidad las propiedades de la información de las serie de rendimientos y se expande un análisis previo de un modelo estocástico con tres regímenes de volatilidad y reversión a la media.

  15. Comparação da mortalidade neonatal em recém-nascidos de muito baixo peso ao nascimento, em maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil Comparison of neonatal mortality in very low birth weight newborns at maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Muniz Bandeira Duarte

    2005-10-01

    Full Text Available Foi realizada a comparação das taxas de mortalidade neonatal em quatro maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil. A população estudada foi de recém-nascidos com peso inferior a 1.500g. O instrumento utilizado foi um questionário com dados informados pela mãe e o prontuário médico. Foram calculados, para cada instituição, as Razões Padronizadas de Mortalidade (RPM com o método direto e indireto, tendo como padrão a distribuição por peso do National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research. A amostra final apresentou 487 recém-nascidos. As padronizações pelo método direto e indireto mostraram elevadas taxas de mortalidade em todas as instituições; as que apresentaram a maior quantidade de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos, foram aquelas que mostraram os menores valores de RPM. A menor razão de mortalidade por faixa de peso foi encontrada na faixa de peso entre 500 e 749g. Os resultados da RPM estão inversamente associados ao quantitativo populacional de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos. Os coeficientes de mortalidade mostraram taxas altas, principalmente nas faixas de peso mais elevados. Os resultados apontam para uma qualidade deficiente na atenção perinatal.This study was a comparison of neonatal mortality rates in four maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil. The study population consisted of newborns with birth weight below 1,500g. The research instrument was a questionnaire with data reported by the mother and collected from the patient record. For each maternity hospital the standardized mortality ratio (SMR was calculated using the direct and indirect method, using the weight distribution of the National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research as the standard. The final sample consisted of 487 newborns. Standardizations by the direct and indirect method showed high mortality rates in all four institutions

  16. Estimativas de parâmetros de cruzamentos para peso de fêmeas Holandês/Gir

    OpenAIRE

    Martins,Gabrimar Araújo; Madalena,Fernando Enrique; Bruschi,José Henrique; Costa,José Ladeira da; Teodoro,Roberto Luiz; Monteiro,João Bosco Neves

    2004-01-01

    Objetivou-se, com este trabalho, o desenvolvimento de modelo para a descrição do peso de vacas, novilhas e bezerras Holandês/Gir. Foram utilizados 18.089 pesos mensais de 412 fêmeas, em fazenda demonstrativa na Zona da Mata de Minas Gerais. Os dados foram analisados pelo Proc Mixed do pacote SAS, separadamente, para as seguintes categorias: a) vacas, b) novilhas maiores de 12 meses de idade, c) novilhas de 70 dias a 12 meses e d) bezerras de até 70 dias. Para cada uma destas categorias, as eq...

  17. Selguimiento del peso corporal en pacientes tratados con antipsicóticos: revisión bibliográfica

    OpenAIRE

    Martín Izquierdo, Marta Estefanía

    2015-01-01

    El tratamiento con antipsicóticos es uno de los principales factores de riesgo que más contribuye a la ganancia de peso en personas con enfermedades mentales graves. Los efectos negativos derivados del sobrepeso y la obesidad, sumados a los propios de la enfermedad, tienen como consecuencia una menor calidad y esperanza de vida en estos pacientes. El objetivo principal de este estudio es realizar una revisión bibliográfica del seguimiento de peso en pacientes tratados con antipsicóticos. ...

  18. Validade concorrente do peso e estatura auto-referidos no diagnóstico do estado nutricional em mulheres idosas

    OpenAIRE

    Virtuoso-Júnior, Jair Sindra; Oliveira-Guerra, Ricardo

    2012-01-01

    Objetivo Analisar a validade concorrente de medidas auto-referidas de peso e estatura para o diagnóstico do estado nutricional em mulheres idosas de baixa renda. Métodos A amostra foi composta de 181 mulheres, com média de idade de 70±7,2 anos, pertencente a grupos de atividades para idosos na comunidade no município de Jequié, Bahia. As medidas referidas de peso e estatura corporal foram coletadas através de entrevista individual que antecederam as aferições. Na análise dos dados foram utili...

  19. Bajo peso al nacer y su implicación en el desarrollo psicomotor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doris Amparo Parada-Rico

    2015-12-01

    Full Text Available Los niños que al nacer presentan peso bajo, pueden desarrollar graves problemas de salud, así mismo, el riesgo de sufrir problemas e incapacidades en su desarrollo psicomotor a largo plazo es mayor. En la revisión en bases de datos científicas, se identifica como un problema de salud a escala mundial, puesto que estos recién nacidos pueden tener serias limitaciones en su supervivencia y posteriormente en su calidad de vida; por ende, se debe evaluar minuciosamente su desarrollo psicomotor, de manera que se asegure la detección temprana de factores de riesgo susceptibles a intervenciones de cuidado.

  20. Habilidades pre-escolares de los niños nacidos prematuramente y con bajo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sasha A. Martínez-Espiet

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMEN: El objetivo de este estudio fue conocer el nivel de desarrollo en la etapa pre-escolar de un grupo de niños nacidos prematuramente y con bajo peso. Se evaluó un grupo 20 niños de cuatro años nacidos prematuramente y con bajo peso y un grupo de 20 niños nacidos luego de gestación completada y peso deseado utilizando la prueba de integración visual-motora Beery-Buktenica. Además, se administró el cuestionario del desarrollo Ages and Stages (ASQ-3 a las 40 madres. El análisis estadístico se llevó a cabo mediante una prueba t de studentpara grupos independientes. El grupo de niños nacidos prematuramente obtuvo puntuaciones significativamente inferiores en las pruebas que medían las habilidades de percepción visual (µ1 83.65 ; µ2 93.7 (p=0.0001, integración visual-motora (µ1 93.6 ; µ2 104.8 (p=0.001 y motor fina (µ1 36.00 ; µ2 44.25 (p=0.033 al ser comparados con el grupo de niños nacidos luego de una gestacióncompletada.El estudio sugiere que los niños nacidos prematuramente y con bajo peso presentan menor ejecución en el desarrollo sensorio-motor durante la etapa pre-escolar. Estas desventajas pasan desapercibidas y pueden representar rezago en las tareas escolares futuras que requieren de dichas habilidades. Es importante fomentar la evaluación y estimulación ambiental temprana en esta población aún en ausencia de indicadores de riesgo. ABSTRACT: The purpose of this study was to evaluate the development among a group of pre-school children born premature and with low weight. We evaluated a group of four years old children; 20 children born prematurely and 20 children born after a full gestation and desired weight, using the Beery-Buktenica visual-motor integration test. We also administered the Ages and Stages Questionnaire (ASQ-3 development test to all 40 mothers. Statistical analysis was performed using student t test for independent groups. The group of children born prematurely scored significantly lower

  1. Avaliação Antropométrica de pré-escolares – comparação entre os referenciais: NCHS 2000 e OMS 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Araújo Lima Torres

    2007-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar as diferenças entre as prevalências de déficits de crescimento e excesso de peso em crianças de 0-60 meses obtidas a partir dos padrões de referência NCHS (2000 e OMS (2005. Trata-se de um estudo transversal em que foram avaliadas 119 crianças de 0-60 meses no ambulatório de pediatria do Hospital Universitário de Brasília (HUB. Os escolares foram classificados, conforme recomendação da OMS através dos índices Peso/Estatura e Estatura/Idade através dos padrões OMS 2005 e NCHS 2000. Para análise foram utilizados os programas WHO Anthro 2005 e SPSS 13.0. Detectou-se uma alta prevalência de déficits de peso e estatura e excesso de peso em crianças independente do método utilizado. Porém, estas foram maiores utilizando-se o referencial proposto pela OMS em 2005. Conclui-se que a utilização das novas curvas de crescimento (OMS deve ser imediata, uma vez que as mesmas têm maior representatividade que o referencial NCHS. Porém, independentemente do referencial utilizado, ações para sanar os problemas de déficits de peso e estatura e excesso de peso nas crianças devem ser iniciadas precocemente, já que desvios nutricionais podem aumentar a incidência de doenças crônicas.

  2. Capacidades físicas condicionales del éxito en lucha: diferencias entre libre olímpica y grecorromana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José María López Gullón

    2013-09-01

    Full Text Available Este estudio analizó los componentes del rendimiento físico, psicológico y antropométrico que diferenciaban los luchadores de las modalidades masculina (libre olímpica y grecorromana y femenina (libre femenina entre los niveles competitivos de élite y amateur, así como las diferencias en el perfil psicológico, fisiológico, neuromuscular, antropométrico, de velocidad y extensibilidad muscular que podían existir entre las diferentes categorías de peso en un total de 92 luchadores varones y 35 mujeres altamente entrenados.

  3. Capacidades físicas condicionales del éxito en lucha: diferencias entre libre olímpica y grecorromana

    OpenAIRE

    López Gullón, José María

    2013-01-01

    Este estudio analizó los componentes del rendimiento físico, psicológico y antropométrico que diferenciaban los luchadores de las modalidades masculina (libre olímpica y grecorromana) y femenina (libre femenina) entre los niveles competitivos de élite y amateur, así como las diferencias en el perfil psicológico, fisiológico, neuromuscular, antropométrico, de velocidad y extensibilidad muscular que podían existir entre las diferentes categorías de peso en un total de 92 luchadores varones y 35...

  4. Assessment of Blood Chemistry, Weight Gain and Linear Body Measurements of Pre-Puberal Buck Rabbits Fed Different Levels of Neem (Azadirachta indica A. Juss. Leaf Meals Evaluación de Química Sanguínea, Ganancia de Peso y Mediciones Corporales Lineales de Conejos Pre-Púberes Alimentados con Diferentes Niveles de Harina de Hojas de Neem (Azadirachta indica A. Juss.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.P Ogbuewu

    2010-09-01

    Full Text Available A 16 week feeding trial was carried out to investigate the effect of dietary Neem (Azadirachta indica A. Juss. leaf meal (NLM on body weight gain, linear body measurements and blood chemistry of pre-puberal buck rabbits. Four treatment diets were formulated to contain the NLM at inclusion levels of 0 (control, 5, 10 and 15%. Thirty six crossbred New Zealand white × Chinchilla pre-puberal buck rabbits aged 5 to 6 mo were divided into four groups of nine rabbits and each group was further replicated into three of three rabbits each. The rabbits were randomly assigned to the four dietary treatments. Lymphocyte count of rabbits fed control diet (8.32 × 10(9 mm-3 was significantly higher than the group fed 15% NLM (4.60 × 10(9 mm-3. The mean cell hemoglobin (MCH and mean cell volume (MCV of the control bucks were significantly (p 0.05 among the treatment groups. The results suggest that buck rabbits could tolerate up to 15% dietary inclusion of NLM without deleterious effects on body weight gain, linear body measurements and some hematological parameters.Se realizó un ensayo de alimentación de 16 semanas para investigar el efecto de harina de hojas de neem Azadirachta indica A. Juss. (NML sobre ganancia de peso, mediciones corporales lineales y química sanguínea de conejos machos pre-púberes. Se formularon cuatro dietas con niveles de inclusión de NLM de 0 (control, 5, 10, y 15%. Treinta y seis conejos híbridos New Zealand white × Chinchilla, pre-púberes, de 5 a 6 meses, se distribuyeron en cuatro grupos de nueve conejos, y cada grupo fue repetido en tres grupos de tres conejos cada uno. Los conejos se asignaron aleatoriamente a las cuatro dietas tratamiento. El recuento de linfocitos de los conejos alimentados con la dieta control (8,32 × 10(9 mm-3 fue significativamente mayor que el grupo alimentado con 15% NLM (4,60 × 10(9 mm-3. La hemoglobina celular media (MCH y el volumen celular medio (MCV de los conejos control fueron

  5. Razão peso/comprimento: um bom indicador do estado nutricional em recém-nascidos a termo? Weight/length ratio: is it a good index to assess the nutritional status of full-term newborns?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taciana D. de A. Braga

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: uma avaliação acurada do estado nutricional da criança ao nascer tem importância na identificação precoce de eventos mórbidos relacionados com a aceleração ou desaceleração do crescimento intra-útero. Os índices antropométricos resultantes das razões entre o peso e o comprimento e aqueles que resultam da razão entre o perímetro braquial e o perímetro cefálico podem ser uma alternativa, dentro da antropometria, para esse fim. O objetivo principal deste estudo foi verificar o grau de correlação entre a prega cutânea triciptal e os índices antropométricos - índice ponderal de Rohrer, índice de massa corpórea, razão peso/comprimento, razão perímetro braquial/perímetro cefálico - utilizados como critério de avaliação do estado nutricional de recém-nascidos. Métodos: realizou-se um estudo de corte transversal em 390 recém-nascidos a termo na maternidade do Centro de Atenção à Saúde da Mulher do Instituto Materno-Infantil de Pernambuco, no período de maio a julho de 1999. Os recém-nascidos foram avaliados quanto ao peso, comprimento, perímetros cefálico e braquial e prega cutânea triciptal. Resultados: os resultados mostraram que os índices antropométricos apresentaram correlação significante com a prega cutânea triciptal, tendo sido a razão simples entre o peso e o comprimento aquele que se correlacionou mais fortemente (r = 0,63; p Objective: An accurate assessment of the nutritional status of an infant at birth is very important, since it provides information on early identification of pathological events related to intrauterine growth acceleration or retardation. Anthropometric ratios such as weight/length and mid-arm circumference/head circumference may be used as alternative tools for this purpose. The main objective of this study was to verify the correlation between triceps skinfold thickness with Rohrer Index, Body Mass Index, weight/length ratio, and mid-arm circumference

  6. Relación entre enfermedad periodontal y parto prematuro. Bajo peso al nacimiento: una revisión de la literatura

    OpenAIRE

    Flores, J.; Oteo, A.; Mateos, L.; Bascones, A.

    2004-01-01

    A pesar de los esfuerzos realizados en el control del embarazo y el parto, la frecuencia de los partos prematuros no ha disminuido en las dos últimas décadas. El parto prematuro supone una seria amenaza para la salud del recién nacido, y representa además un porcentaje muy importante de los costes destinados a la atención sanitaria perinatal. La investigación científica ha revelado diversos mecanismos por los que infecciones remotas como la enfermedad periodontal pueden participar en la patog...

  7. Comparação entre suplementos homólogos do leite humano e um suplemento comercial para recém-nascidos de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora M. C. Thomaz

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever a metodologia de preparo de dois aditivos, líquido e em pó, derivados do leite humano e comparar a constituição com aditivo comercial FM85®. MÉTODOS: Foram utilizadas 40 amostras de leite humano para o preparo dos suplementos líquido e em pó. Ambos passaram por três fases de preparo: desnate, evaporação e retirada da lactose. Após essas fases, o suplemento líquido está pronto, e o em pó necessita da quarta fase - a liofilização. Em cada amostra dos suplementos líquido e em pó, foram adicionados, respectivamente, 80 mL (grupo I e 100 mL (grupo II de pool de leite humano de banco. Para comparação, 20 amostras de 100 mL do pool foram acrescidas de 5 g do suplemento FM85® (Nestlé (grupo III. Realizaram-se análises de hidratos de carbono, proteína, lipídios, cálcio, fósforo, sódio, osmolalidade e conteúdo calórico, considerando diferença significativa p < 0,05. RESULTADOS: Os grupos I, II e III mostraram, respectivamente, os seguintes resultados: proteínas = 1,81, 2,38 e 1,96 g/dL (p < 0,001; hidratos de carbono = 6,70, 7,25 e 10,06 g/dL (p = 0,006; gordura = 3,75, 3,75 e 3,73 g/dL (p = 0,96; cálcio = 36,92, 44,75 e 79,37 mg/dL (p = 0,001; fósforo = 20,02, 23,28 e 56,30 mg/dL (p = 0,02; sódio = 14,32, 14,40 e 20,33 mEq/L (p = 0,143; osmolalidade = 391,45, 412,47 e 431, 00 mOsmol/kgH2O (p = 0,074; e conteúdo calórico = 67,78, 72,27 e 81,65 kcal (p = 0,001. CONCLUSÃO: Os aditivos estudados diferem significativamente do aditivo comercial FM85® em alguns de seus constituintes, e a sua constituição pode ou não atender às quantidades de nutrientes propostas pelas recomendações mais recentes.

  8. Correlação entre o gasto energético, peso corporal e massa magra de mulheres sedentárias e ativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maira Tatiana Viviani

    2009-12-01

    Full Text Available The aim was to verify the correlation among oxygen uptake (VO2 and rest energy expenditure (REE with the body weight and lean body mass (LBM of women. Voluntaries of 18-28 years old, 15 sedentary (S and 15 physically active (A with body mass index between 20-25 Kg/m2 were evaluated on body weight, skin fold thickness and calculated fat percentage (%F and LBM. VO2 was measured in gas analyzer and REE calculated by indirect calorimetry. It was used Pearson correlation test to verify the relations. The differences of body weight (0.2 Kg and LBM (1.2 Kg between groups are not significant. The %F was 27.83.0 to S and 25.43.0 to A (p<0.05. VO2 was 0.15+ou-0.02 to S and 0.13+ou-0.03 L/min to A (p<0.05, when REE difference was only 0.05 Kcal/min. Significant correlation were observed on S group between LBM and REE (r=0.58; p<0.05 and between LBM and VO2 (r=0.52; p<0.05. It was concluded that physical active induced a favorable decrease on body fat, however it also provoked an undesired decrease of rest VO2. Spite the lack of difference on body weight and LBM, there was a small decrease of REE on physical active group.

  9. A mathematical model for growth in weight of silver catfish (Rhamdia quelen (Heptapteridae, Siluriformes, Teleostei Modelo matemático para crescimento em peso de jundiá (Rhamdia quelen (Heptapteridae, Siluriformes, Teleostei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula da Silva Benaduce

    2006-10-01

    Full Text Available The use of a mathematical model applied to biological science helps to predict the specific data. Based on biological data (weight and age of silver catfish, Rhamdia quelen, a mathematical model was elaborated based on a nonlinear difference equation to demonstrate the relationship between age and growth in weight. Silver catfish growth was described following the Beverton-Holt model Pt+1 = (r Pt / (1+ a Pt , where r > 0 is the maximum growth rate and a > 0 is a constant of growth inhibition. The solution of this equation is Pt= 1 /{[1/P0 - a / (r-1] 1/r t + a/ (r-1}, were P0 is the initial weight of the fish. Through this model it was observed that the female reaches the theoretical maximum weight approximately at the age of 18 years and the male at the age of 12 years in a natural environment.A formulação de modelos matemáticos aplicado às ciências biológicas auxilia na previsão de dados específicos. Fundamentado em dados biológicos (peso e idade de jundiá, Rhamdia quelen, elaborou-se um modelo matemático com base em equações a diferenças não lineares para demonstrar a relação entre idade e crescimento em peso. O crescimento do jundiá foi descrito segundo o modelo de Beverton-Holt Pt+1 = (r Pt / (1+ a Pt, onde r > 0 é a taxa de crescimento máxima e a > 0 é uma constante de inibição do crescimento. A solução dessa equação é Pt= 1 / {[1/P0 - a / (r-1] 1/r t + a/ (r-1}, onde P0 é o peso inicial do peixe. Por esse modelo foi observado que fêmeas alcançam o peso máximo aproximadamente aos 18 anos e os machos aos 12 anos, em ambiente natural.

  10. Quem são as crianças que se sentem gordas apesar de terem peso adequado? Who are the children with adequate weight who feel fat?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Poyastro Pinheiro

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a prevalência de crianças com peso adequado que se sentem gordas e os fatores associados a essa percepção. METODOLOGIA: Estudo transversal com 901 escolares, entre 8 e 11 anos, selecionados por conglomerados. As crianças tiveram peso e altura aferidos e responderam um questionário com escala de auto-estima, autopercepção do peso e percepção da expectativa dos pais e amigos em relação a seu peso. RESULTADOS: A prevalência de escolares com percentil do índice de massa corporal (IMC OBJECTIVES: To measure the prevalence of children with adequate weight who feel fat and to examine the factors associated with this perception. METHODS: Cross-sectional study with 901 schoolchildren aged 8-11 years selected by cluster sampling. The children had their weight and height measured, and answered a questionnaire that included a self-esteem scale and questions on self-perception of weight, and perception of parents' and friends' expectations regarding the child's weight. RESULTS: The prevalence of children with BMI percentile < 85 who considered themselves fat was 13%, and the variables significantly associated with this perception were: female gender (OR = 2.45; 95%CI 1.42-4.24, 11 years of age (OR = 2.35; 95%CI 1.13-4.89, lowest quartile of self-esteem (OR = 2.08; 95%CI 1.17-3.68, the perception that parents expect them to be thinner (OR = 3.00; 95%IC 1.52-5.91, and body mass index percentile (OR = 1.04; 95%CI 1.03-1.06. CONCLUSION: The perception of being fat when having adequate weight afflicts children before preadolescence, particularly girls aged 11 years, with higher body mass index, lower self-esteem, and who think their parents expect them to be thinner. Future studies should examine in depth the causes and consequences of this attitude.

  11. Baixo peso ao nascer e condições maternas no pré-natal Bajo peso al nacer y condiciones maternas en el período prenatal Low birth weight and maternal conditions in pre-natal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Áurea Tamami Minagawa

    2006-12-01

    Full Text Available Para verificar como o peso ao nascer se relaciona às condições maternas de trabalho, pré-natal, nutricionais (altura, peso inicial, final e ganho na gestação e sócio-econômico-demográficas (idade, situação conjugal, escolaridade, renda familiar, o presente estudo foi realizado na área de abrangência do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo e a amostra foi constituída por 101 crianças. A ocorrência de baixo peso ao nascer (BPN foi de 5,1% e não se associou com o trabalho materno, nem com o pré-natal, porém mostrou associação significativa com as seguintes variáveis maternas: ganho de peso na gestação inferior a 7 kg, idade menor que 20 anos e não ter companheiro. Apesar da baixa ocorrência de BPN, os resultados evidenciaram a importância do pré-natal para reduzir a ocorrência de BPN, especialmente por meio do controle do ganho de peso na gestação, controle da gestação na adolescência e também priorizando a atenção das mulheres sem companheiro.El presente estudio realizado en la jurisdicción del Hospital Universitario de la Universidad de Sao Paulo tuvo como objetivo verificar cómo el peso al nacer se relaciona a las condiciones maternas de trabajo, el período prenatal, nutricionales (altura, peso inicial, final y ganancia en la gestación y socio-económico-demográficas (edad, situación conyugal, escolaridad, ingreso familiar. La muestra estuvo constituida por 101 niños. La ocurrencia de bajo peso al nacer (BPN fue del 5,1% y no se asoció con el trabajo materno, ni con el prenatal, sin embargo mostró asociación significativa con las siguientes variables maternas: ganancia de peso en la gestación inferior a 7 kg, edad menor a 20 años y no tener compañero. A pesar de la baja ocurrencia de BPN, los resultados evidenciaron la importancia del control prenatal para reducir la ocurrencia de BPN, especialmente por medio del control de ganancia de peso en la gestación, control de la gestaci

  12. Peso do baço como fator prognóstico do tratamento cirúrgico de pacientes portadores de esquistossomose mansônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvaro Antônio Bandeira Ferraz

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar pré-operatoriamente o peso do baço como fator prognóstico do tratamento cirúrgico de pacientes portadores de esquistossomose mansônica. MÉTODOS: Foram analisados 114 pacientes, portadores de esquistossomose mansônica com antecedentes de hemorragia digestiva, submetidos a tratamento cirúrgico. Os pacientes foram divididos em três grupos: Grupo 1 - baço menor que 500 gramas (17; Grupo 2 - baço entre 500 e 1.000 gramas (58; Grupo 3 - baço acima de 1.000 gramas (39. RESULTADOS: No Grupo 1 a recidiva hemorrágica foi de 17,6%, trombose da veia porta de 5,9% e não houve mortalidade. A incidência de hiperesplenismo pré-operatório foi de 29,4% e o calibre da veia porta foi de 1,1cm. No Grupo 2 a recidiva hemorrágica foi de 15,5%, trombose da veia porta de 10,3% e a mortalidade de quatro pacientes (6,9% (dois pacientes no período pós-operatório e dois no seguimento tardio, hepatocarcinoma e hemorragia digestiva. A incidência de hiperesplenismo foi de 53,4% e o calibre médio da veia porta foi de 1,4cm. No Grupo 3 a recidiva hemorrágica foi de 12,8%, trombose da veia porta de 5,1% e uma mortalidade tardia de dois pacientes (linfoma e infarto agudo do miocárdio. A incidência de hiperesplenismo foi de 76,9% e o calibre da veia porta foi de 1,5cm. CONCLUSÕES: O peso do baço apresenta relação com o hiperesplenismo pré-operatório, calibre da veia porta e permanência hospitalar pós-operatória. Não encontramos relação com a incidência de varizes de fundo gástrico, recidiva de sangramento digestivo, trombose da veia porta, grau de fibrose periportal e dados bioquímicos.

  13. Assistência humanizada ao neonato prematuro e/ou de baixo peso: implantação do Método Mãe Canguru em Hospital Universitário Asistencia humanizada al recién nacido prematuro y/o de bajo peso: implantación del Método Madre Canguro en el Hospital Universitario Humanized assistence to premature and/or low weigh newborn: implantation of Kangaroo-Mother Method at a University Hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrícia Adriana Mazzo Neves

    2006-09-01

    Full Text Available Relato de experiência de enfermeiros e equipe multiprofissional no processo de implantação do Método Mãe Canguru no Hospital Universitário, da Universidade Estadual de Maringá, Paraná, em 2002, com os objetivos de: humanizar o cuidado ao recém-nascido prematuro e/ou de baixo peso, aprimorando o suporte familiar; promoção de maior nível de satisfação da equipe assistencial. O bebê fica em contato pele a pele com o peito da mãe, pai ou familiar significativo, com benefícios para seu peso, temperatura, afetividade, aleitamento materno, além da provável redução no tempo de internação e risco de infecção. Capacitada pelo Ministério da Saúde, uma equipe passou à implantação e multiplicação do Método; elaborado um Projeto de Extensão institucional, multiprofissional, como organizador e integrador do ensino à assistência. Dificuldades encontradas foram em relação à associação entre tecnologia, relacionamento interpessoal e entre as diversas áreas, cuidado humano e participação familiar.Se trata del relato de experiencia de enfermeros y grupo multiprofesional en el proceso de implantación del Método Madre Canguro en el Hospital Universitario, de la Universidad Estatal de Maringá, Paraná, en el 2002, con los objetivos de: humanizar el cuidado al recién nacido prematuro o bajo peso, mejorando el soporte familiar, promoción de mayor nivel de satisfacción del grupo asistencial. El bebé permanece en contacto piel a piel con el pecho de la madre, padre o familiar significativo, con beneficios para el peso, temperatura, afecto, amamantamiento, además de la probable reducción en el tiempo de internamiento y riesgos de infección. Capacitado por el Ministerio de Salud, un grupo pasó a la implantación y multiplicación del Método; elaborado un Proyecto de Extensión institucional multiprofesional como organizador e integrador de la enseñanza y asistencia. Fueron encontradas dificultades en relación a la

  14. Perfil clínico de neonatos de muito baixo peso internados em uma Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alana Piccoli

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso (RNMBP internados em uma UTIN. Metodologia: Caracteriza-se como um estudo retrospectivo documental com coleta de dados nos prontuários de RNMBP. Resultados: A amostra foi composta por 153 RNMBP, os quais apresentaram peso ao nascimento (PN de 1082,92 ± 275,73 e tempo de ventilação pulmonar mecânica (VPM de 13,34 ± 17,23 dias. A incidência de displasia broncopulmonar esteve associada ao tempo de VPM, à presença de enterocolite necrosante e à persistência do canal arterial. O tempo de permanência em VPM esteve associado ao tempo de internação e ao peso de nascimento. A incidência de hemorragia intracraniana esteve associada ao tempo de VPM, à IG e ao PN. Conclusão: O baixo peso ao nascimento, isolado ou associado a outros fatores, contribui para o aparecimento de comorbidades que poderão influenciar na qualidade de vida desses bebês bem como aumentar a mortalidade.

  15. Bionutritional efficiency of crossbred beef cattle finished on feedlot andslaughtered at different body weights Eficiência bionutricional de bovinos mestiços terminados em confinamento e abatidos com pesos distintos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renius Mello

    2010-03-01

    comparação aos tourinhos ½ RA ½ N. Os tourinhos abatidos com maior peso apresentaram maior área de olho-de-lombo (cm², espessura de gordura subcutânea, gordura de cobertura na garupa, GRPI (kg e % PV, consumo de matéria seca (CMS, kg/d, consumo de energia líquida (MJ/d e proteína metabolizável (g/dia, e INMB em relação aos abatidos mais leves. Além disso, os tourinhos ½ BA ½ N abatidos com 480 kg tiveram a menor conversão alimentar. Por outro lado, o ganho médio diário de peso (kg/dia, o consumo de matéria seca (% PV e g/UTM, a eficiência alimentar e a relação de Kleiber não diferiram entre os grupos genéticos, os pesos de abate e a interação grupo genético versus peso de abate. Tourinhos F1 Blonde D'Aquitaine × Nelore e os animais abatidos mais leves são bionutricionalmente mais eficientes na fase de terminação em confinamento.

  16. Factores de riesgo de bajo peso al nacer, estudio de tres años en el municipio Centro Habana: a 3-year study in Centro Habana municipality Risk factors of low birth weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Fajardo Luig

    2008-12-01

    Full Text Available Se realizó un estudio de casos y controles en el Hospital Ginecoobstétrico "América Arias", que abarcó el período 2004-2006, con el objetivo de identificar la asociación del bajo peso al nacer con algunos factores de riesgo conocidos de esta entidad. El grupo de estudio estuvo constituido por 108 mujeres residentes en Centro Habana, que parieron un recién nacido vivo bajo peso, y el grupo control por 216 mujeres, que tuvieron un neonato normopeso. De los recién nacidos bajo peso, un 65 % fueron pretérmino, un 39 % CIUR y un 4 % presentó la combinación de ambas entidades. Se demostró que existe relación entre el bajo peso al nacer y las edades maternas menor de 20 (14,8 % de los casos y mayor de 35 años (23,1 % de los casos, la baja talla materna (15,7 % de los casos, la baja escolaridad (17,5 % de los casos, el antecedente materno de hijo con bajo peso (13,8 % de los casos, el período intergenésico corto (69,4 % de los casos, el hábito de fumar (60,1 % de los casos, la desnutrición materna al inicio de la gestación (58,3 % de los casos y la ganancia materna insuficiente de peso durante el embarazo (54,6 % de los casos. El asma bronquial (13,8 %, la hipertensión arterial crónica (12,9 %, la preeclampsia (18,5 % y la anemia (18,5 % fueron las enfermedades más frecuentes encontradas en el grupo de estudio.A case-control study was conducted at "América Arias" Gynecoobstetric Hospital from 2004 to 2006 aimed at identifying the asociation of low birth weight with some risk factors known in this entity. The study group was composed of 108 females living in Centro Habana that gave birth a live low birth weight infant, and a control group that was made up of 216 females that had a normoweight infant. Of the low birth weight infants, 65 % were preterm, 39 % RIUG and 4 % presented a combination of both entities It was proved that there is a relationship between low birth weight and the maternal age under 20 (14.8 % of the cases and

  17. Excesso de peso, pressão arterial e atividade física no deslocamento à escola Excess weight, arterial pressure and physical activity in commuting to school: correlations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly S. Silva

    2008-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A prevalência de obesidade e pressão arterial (PA tem aumentado em crianças e adolescentes, enquanto os domínios da atividade física declinaram. OBJETIVO: Identificar e associar o excesso de peso, de gordura corporal e de PA elevada entre os estudantes ativos e passivos no deslocamento à escola. MÉTODOS: Participaram do estudo 1.570 escolares de 7 a 12 anos de idade, de João Pessoa, PB. Os estudantes responderam a um questionário sobre a forma de deslocamento à escola (ativo = caminhada/bicicleta ou passivo = carro/moto/ônibus e o tempo despendido. O excesso de peso foi determinado no IMC > 25 kg/m², a gordura no percentil > 85 da dobra tricipital e a PA elevada no percentil > 90. Na análise, utilizaram-se o teste qui-quadrado e a regressão de Poisson. RESULTADOS: O deslocamento ativo associou-se à menor prevalência de excesso de peso e de gordura, em relação ao passivo (p 0,05 CONCLUSÃO: O deslocamento passivo à escola associou-se ao excesso de peso e gordura, e dissociou-se da PA elevada. O excesso de peso associou-se ao excesso de gordura e à PA elevada. É preciso prevenir o excesso de peso, como meio de evitar o acúmulo de gordura e o aumento da PA.BACKGROUND: The prevalence of obesity and elevated arterial pressure (AP has increased in children and adolescents, whereas physical activity has decreased. OBJECTIVE: To identify and correlate excess weight, body fat and elevated AP among active and passive students with the way they commute to school. METHODS: One thousand five hundred and seventy students aged 7 to 12 years participated in the study conducted in João Pessoa, state of Paraíba. Students completed a questionnaire about the way they commuted to school (active = walking/biking or passive = by car/motorcycle/bus and the time spent traveling to school. Excess weight was determined by BMI > 25 kg/m², excess body fat as > 85th percentile for tricipital fold measurement, and high AP as >90th

  18. Baixo peso ao nascer em coorte de recém-nascidos em Goiânia-Brasil no ano de 2000 Low birth weight in a cohort of newborns in Goiânia-Brazil in 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margareth Rocha Peixoto Giglio

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar o peso ao nascer da coorte de recém-nascidos do ano 2000, em Goiânia, pela determinação do coeficiente de mortalidade e probabilidade de sobrevivência neonatal, estratificados por categorias de peso ao nascer e, ainda, pela identificação dos fatores associados ao baixo peso ao nascer (BPN. MÉTODOS: estudo de coorte retrospectivo, constituído por linkage dos arquivos do SIM (Sistema de Informações de Mortalidade e do SINASC (Sistema de Informações de Nascimentos. Foram calculados coeficientes de mortalidade neonatal para as categorias de peso ao nascer e construído um gráfico de probabilidades de sobrevivência neonatal por meio de análise de regressão linear. Foram identificados fatores de risco para o BPN mediante análise univariada (RR e regressão logística, considerando-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: a incidência de BPN foi de 6,9%, sendo que 140 (66,8% óbitos neonatais ocorreram nesse grupo. Trinta por cento dos óbitos se deram na categoria de peso entre 1.500-2.500 g. Os fatores identificados como de risco para o BPN foram: prematuridade, presença de malformações congênitas, mães com idade em extremos reprodutivos, residência na região noroeste do município, baixo número de consultas no pré-natal, parto em hospital público e sexo feminino. CONCLUSÃO: a incidência de BPN foi semelhante aos países desenvolvidos e os coeficientes de mortalidade neonatal, por categoria de peso, aquém dos encontrados naqueles países. Os resultados encontrados orientam atenção para: prematuridade, hospitais públicos e região noroeste de Goiânia.PURPOSE: to analyze birth weight in a cohort of newborns for the year 2000, in Goiânia, by determining the coefficient of mortality and neonatal survival probability, stratified by categories of birth weight, and also, through the identification of factors associated with low birth weight (LBW. METHODS: a retrospective cohort study, made

  19. Efeitos do peso vivo sobre a comercialização de bezerros de corte em leilões Effects of the live weight on the commercialization of beef calves in auction barn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.F. Christofari

    2010-04-01

    Full Text Available Analisaram-se os efeitos da média de peso vivo de 1.880 lotes de bezerros comercializados em 13 leilões, no Rio Grande do Sul, sobre o valor de venda final por unidade de peso, e caracterizou-se a frequência dos lotes conforme a classe de peso durante as estações de outono e primavera, no período de 2004 a 2006. Os dados foram corrigidos pelo índice geral de preços - disponibilidade interna e analisados por meio de histogramas de frequência e análises de regressão e correlação. O peso vivo influenciou o preço dos bezerros, e a magnitude do efeito foi maior nos anos de grande demanda. Observou-se correlação negativa entre preço e peso dos bezerros na primavera, reflexo da oferta de animais mais pesados, devido aos efeitos de estação do ano ou à maior idade dos bezerros, comparados aos ofertados no outono. Não se observou maior liquidez dos bezerros comercializados no outono em relação aos da primavera. A conjuntura da cadeia da carne bovina e os preços de outras categorias têm grande relação com os preços pagos. A aquisição de animais de menor ou maior peso na ocasião da transação comercial pode auxiliar na redução dos custos que a reposição representa na produção.The effects of the live weight of 1,880 lots of calves marketed in 13 auctions in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, on the value of final sale per unit of weight were evaluated, as well as the frequency of the lots according to the weight class during the autumn and spring seasons, in the period from 2004 to 2006, was characterized. The data were analyzed by frequency histograms, regression, and correlation analyses. The live weight is one of the characteristics that influenced the price of the calves; however, the magnitude of the effect was higher in years of great demand. A negative correlation was observed between price and weight of the calves in spring, which were results of the offer of heavier animals, due to the season effects or the

  20. Análisis de la morbilidad y mortalidad en recién nacidos con peso inferior a 1500 g Analysis of morbidity and mortality in newborns weighing less than 1500 g

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yanett Sarmiento Portal

    2009-12-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. Los recién nacidos (RN con peso inferior a 1500 g continúan contribuyendo desproporcionadamente a la morbilidad y mortalidad perinatal a pesar de representar sólo el 1,0 -1,5 % del total de nacimientos. El objetivo de la presente investigación fue analizar la morbilidad y mortalidad en los RN de muy bajo peso al nacer en el servicio de Neonatología del Hospital General Universitario «Abel Santamaría Cuadrado», en Pinar del Río. MÉTODOS. Se realizó una investigación observacional, longitudinal, prospectiva y analítica, en la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales (UCIN de dicho hospital, entre enero y diciembre de 2007. El universo estuvo constituido por todos los neonatos vivos con peso inferior a 1500 g que ingresaron en la UCIN en el período establecido, y la muestra quedó formada por 52 neonatos. Se analizaron las variables sexo, edad gestacional, peso, crecimiento intrauterino, necesidad de ventilación mecánica, complicaciones y supervivencia. Se elaboró una base de datos en SPSS 12. Las variables fueron analizadas mediante el método porcentual. RESULTADOS. Predominó el sexo masculino (53,9 %, la edad gestacional entre 27 y 29,6 semanas (44,2 % y el crecimiento uterino con peso adecuado según la edad gestacional (84,6 %. La enfermedad de la membrana hialina (55,8 % y los trastornos metabólicos (50 % constituyeron las morbilidades más frecuentes. El 59,6 % de los recién nacidos necesitaron ventilación mecánica, y la bronconeumonía fue la principal causa de muerte en el 40 % de los casos. La supervivencia fue del 90,4 %.INTRODUCTION: The newborns (NB weighing less than 1500 g contribute en a disproportionate way to the perinatal morbidity and mortality despite representing only the 1,0 1,5% of birth total. The objective of present research was to analyze the morbidity and the mortality in newborns with a very low birth weight in Neonatology Service of "Abel Santamaría Cuadrado" University Hospital

  1. Influência da percepção do peso e do índice de massa corporal nos comportamentos alimentares anormais Influence of body mass index and body weight perception on eating disorders symptoms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angélica Nunes

    2001-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação entre a percepção do peso corporal, o índice de massa corporal e os comportamentos alimentares anormais. MÉTODOS: Delineamento transversal, de base populacional, com mulheres de 12 a 29 anos, da zona urbana de Porto Alegre, RS (n=513. Para medir a prevalência de comportamentos alimentares anormais utilizou-se o Teste de Atitudes Alimentares 26 (EAT-26 e o Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo (BITE, considerados separadamente e em conjunto, e a percepção do peso corporal por meio de 2 perguntas estruturadas: qual era o peso que a mulher julgava ideal e a auto-avaliação sobre seu peso. O índice de massa corporal (IMC foi calculado por medida de peso e altura aferidos. RESULTADOS: Considerando os instrumentos conjuntamente, 30,2% das mulheres tinham comportamento alimentar de risco, e 11,3% apresentaram comportamento alimentar anormal. Além disso, 82% das mulheres apresentaram IMC normal, sendo que 2% eram magras, e 16% apresentaram IMC de sobrepeso/obesidade. Das mulheres estudadas, 46% tinham o ideal de pesar menos, e 37,8% consideravam-se gordas. Entre as mulheres com IMC normal, 25,2% das que se achavam normais apresentavam comportamento alimentar de risco, e 5,7 % comportamento alimentar anormal. Das mulheres que se consideravam gordas, 47,2% apresentaram comportamento alimentar de risco, e 19,2% tinham comportamento alimentar anormal. Mulheres que se sentiam gordas apresentaram um risco quatro vezes maior de apresentar comportamentos alimentares anormais (razão de odds 4,50; IC 95% 2,88-7,01; pOBJECTVE: To investigate the relationship between body mass index (BMI, body weight perception and eating disorder symptoms. METHODS: A population-based cross-sectional study was conducted among women aged between 12 and 29 years old in Porto Alegre, Brazil (n=513. The prevalence of eating disorder symptoms was assessed by using two instruments: the Eating Attitudes Test - 26 (EAT-26 and the Bulimic

  2. Número e peso de perfilhos no pasto de capim-braquiária sob lotação contínua = Number and weight of tillers in signalgrass pasture under continuous stocking

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Eduardo Rozalino Santos

    2011-04-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar a relação entre o número e o peso de categorias de perfilhos em pasto de Brachiaria decumbens cv. Basilisk sob lotação contínua com bovinos. O pasto foi manejado com altura média de aproximadamente 25 cm. Foram avaliadas quatro alturas de plantas no mesmo pasto (10, 20, 30 e 40 cm, em delineamento de blocos ao acaso, com duas repetições. Os números de perfilhos vegetativos, vivos e totais reduziram linearmente com a altura da planta. O número de perfilho reprodutivo aumentou de forma linear com a altura da planta (de 8 para 84 perfilhos m-2 quando se comparam plantas de 10 a 40 cm. Os pesos dos perfilhos vegetativos e reprodutivos incrementaram linearmente com a altura da planta. O peso do perfilho vegetativo (0,316 g, em média foi menor do que o peso do perfilho reprodutivo (0,401 g, em média. A relação entre o número e o peso do perfilho vegetativo foi linear e negativa, enquanto que essa relação, para o perfilho reprodutivo, foi linear e positiva. Em locais com plantas altas há menor número de perfilhos vegetativos, bem como maior número de perfilhos reprodutivos e mortos. Nos locais mais altos do pasto de B. decumbens os perfilhos são mais pesados.The experiment was conducted to study the relationship between the number and weight of tiller categories in Brachiaria decumbens cv. Basilisk pasture managed under continuous stocking with cattle. The pasture was managed with an average height of about 25 cm. Plants offour different heights (10, 20, 30 and 40 cm were evaluated by means of the randomized block design with two replications. The number of vegetative tillers, both live and total, reduced linearly according to the plant height. The number of reproductive tillers increased linearly according to pasture plant height (from 8 to 84 tillers m-2 when comparing plants 10 to 40 cm high. Vegetative and reproductive tiller weight increased linearly according to pasture plant height. Vegetative tiller

  3. Diagnóstico precoce da restrição do crescimento fetal pela estimativa ultra-sonográfica do peso fetal Early diagnosis of intra-uterine growth restriction by ultrasonographic estimation of fetal weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Marta Martins

    2005-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Com a finalidade da atuação pré-natal oportuna e diminuição da morbiletalidade perinatal e tardia, este estudo se propôs a avaliar a evolução do peso fetal determinado pela ecografia entre a 25ª e 27ª semanas de gestação, estabelecer valores de corte de peso fetal úteis no diagnóstico do pequeno para esta época da gestação e propor modelo matemático para reconhecer a probabilidade de ocorrência de recém-nascido pequeno para a idade gestacional (PIG. MÉTODOS: Avaliaram-se 85 recém-nascidos, 35 pequenos e 50 adequados para a idade gestacional (AIG. As mães haviam feito o pré-natal no serviço, eram hígidas ou apresentavam hipertensão arterial crônica como única doença, sem história de vícios, fetos gemelares ou malformados. Todas realizaram exames ultra-sonográficos na 25ª e 27ª semanas para cálculo do peso fetal. RESULTADOS: O ganho de peso ecográfico fetal entre a 25ª e a 27ª semanas de gestação foi menor no grupo PIG havendo desaceleração do crescimento em relação ao grupo AIG. Os valores de corte de pesos ecográficos fetais foram de 775 gramas e 1015 gramas para a 25ª e 27ª semanas, respectivamente Obteve-se modelo matemático útil para quantificar a probabilidade de crescimento intra-uterino inadequado.OBJECTIVE: Aiming to reduce the perinatal and late morbidity and lethality through opportune prenatal intervention, this study proposed to sequentially evaluate the echographic fetal weight at the 25th and 27th weeks of gestation, establishing cut-off values for echographic fetal weight useful in the diagnosis of small-for-gestational-age at this gestation time, and developing a mathematical model able to recognize the probability of a newborn small-for- gestational-age. METHODS: Eighty-five newborns were evaluated, 35 small and 50 adequate for gestational age. The mothers who underwent prenatal care at our Instituition were healthy or presented chronic arterial hypertension as the only

  4. Real-time three-dimensional echocardiographic left ventricular ejection fraction and volumes assessment: comparison with cardiac computed tomography; Comparacao entre a afericao da fracao de ejecao e dos volumes do ventriculo esquerdo, medidos com ecocardiografia tridimensional em tempo real e com tomografia computadorizada ultra-rapida

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Vieira, Marcelo L.C.; Nomura, Cesar H.; Tranchesi Junior, Bernardino; Oliveira, Wercules A. de; Naccarato, Gustavo; Serpa, Bruna S.; Cury, Alexandre; Passos, Rodrigo B.D.; Nobrega, Marcel V. da; Funari, Marcelo B.G.; Pfefermam, Abhaham; Makdisse, Marcia; Fischer, Claudio H.; Morhy, Samira S., E-mail: luiz766@terra.com.br [Hospital Israelita Albert Einstein, Sao Paulo, SP (Brazil)

    2008-10-15

    Background and objective: Few studies addressed the comparison between real-time 3D echocardiography (RT3DE) and cardiac computed tomography (CCT) concerning left ventricular ejection fraction and volumes assessment. We sought to compare both techniques regarding left ventricle (LV) ejection fraction function and volumes analysis. Methods: we studied by RT3DE (Philips IE 33, And, MA, USA) and by CCT (Toshiba, 64-slice, Otawara, Japan) 41 consecutive patients (29 males, 58 ± 11 yrs). We analysed by both techniques LVEF, LVEDV, LVESV. RT3DE and CCT data were compared by coefficients of determination (r: Pearson), Bland and Altman test and linear regression, 95% CI. Results: RT3DE data: LVEF ranged from 56.7 to 78.9 % (65.3 + 5.7 ); LVEDV ranged from 49.6 to 178.2 (88 + 27.5) mL; LVESV from 11.4 to 78 ( 33.9 + 13.7) mL. CCT data: LVEF ranged from 53 to 86 % (67.3 + 7.9 ); LVEDV ranged from 51 to 186 (106.4 + 30.7) mL; LVESV from 7 to 72 ( 35.1 + 13.8) mL. Correlations relative to RT3DE and CCT were: LVEF (r: 0. 7877, p<0.0001, 95 % CI 0.6327 to 0.8853 ); LVEDV (r:0.7671, p<0.0001, 95 % CI 0.5974 to 0.8745); LVESV (r: 0.8121, p<0.0001, 95 % CI 0.6659 to 0.8957). Conclusions: it was observed adequate correlation between real-time 3D echocardiography and cardiac computed tomography concerning ejection fraction and volumes assessment. (author)

  5. Aplicação de protocolo proposto pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para uso de antibióticos em recém-nascidos de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina F. Guedes Pinto

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a aplicação de um protocolo proposto pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA para aprimorar o diagnóstico de sepse em recém-nascidos de muito baixo peso. MÉTODOS: Estudo prospectivo que avaliou a aplicação de protocolo envolvendo critérios clínicos e laboratoriais (escore hematológico de Rodwell e dosagem seriada da proteína C-reativa, recomendado pela ANVISA, para aprimorar o diagnóstico de sepse neonatal em recém-nascidos de muito baixo peso. Participaram do estudo todos os pacientes que nasceram e permaneceram na Unidade Neonatal até a alta ou óbito, e foram excluídos aqueles com doenças congênitas. Os principais desfechos analisados entre os recém-nascidos antes da aplicação do protocolo (2006-2007 e após a aplicação do mesmo (2008 foram as taxas de sepses precoce e tardia, o uso de antimicrobianos e a mortalidade. As médias foram comparadas por meio de teste t e as variáveis categóricas pelo teste Qui-quadrado (χ2; o nível de significância para todos eles foi fixado em 95%. RESULTADOS: Foram incluídos no estudo 136 recém-nascidos de muito baixo peso. Não houve diferença entre os grupos em relação às características clínicas gerais nos períodos estudados. Houve, no entanto, redução na quantidade de diagnóstico de sepse precoce provável (p < 0,001, de uso de esquemas antimicrobianos (p < 0,001 e da mortalidade geral e associada à sepse (p = 0,009 e p = 0,049, respectivamente. CONCLUSÃO: A utilização do protocolo permitiu aprimorar o diagnóstico de sepse, reduzindo o diagnóstico de sepse precoce provável, promovendo, desta forma, o uso racional de antimicrobianos na população estudada.

  6. Características das carcaças e componentes do peso vivo de cordeiros terminados em pastagem ou confinamento = Carcass characteristics and live weight components in lambs finished on pasture or feedlot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Angela Machado Fernandes

    2008-01-01

    Full Text Available O trabalho objetivou avaliar as características da carcaça e os não-componentes da carcaça de cordeiros em quatro sistemas: cordeiros desmamados aos 60 dias mantidos em pastagem; cordeiros + ovelhas em pastagem; cordeiros + ovelhas em pastagem + concentrado em creep feeding (1% PV; cordeiros desmamados aos 60 dias e confinados. Os cordeiros foram abatidos quando a média de peso vivo do tratamento alcançou entre 32-34 kg. Após o abate, foram coletados e pesados os não-componentes da carcaça. Obtiveram-se pesos, rendimentos emedidas objetivas das carcaças e por cálculos a compacidade de perna e carcaça. A metodologia para determinar o momento de abate promoveu grande variação (7 a 14 kg no peso vivo final entre os animais do mesmo tratamento. Houve correlação significativa (p This experiment had the objective to evaluate the carcass characteristics and the non-carcass components of lambs on four systems: lambs weaned at 60 days of age kept on pasture; lambs + ewes kept on pasture; lambs + ewe + concentrate in creep feeding; lambs weaned at 60 days and kept on feedlot. Lambs were slaughteredwhen mean live weight from the tratament reached 32-34 kg. After slaughter, the noncarcass components were collected and weighed. The weight, yield and carcass measures were obtained, while leg and carcass compacity was calculated. The elected methodology fordetermining slaughter time resulted in large variation (7 to 14 kg in the slaughter weight of lambs from the same treatments. There was a significant (p < 0.05 positive correlation between hot (r = 0.83 and cold (r = 0.85 carcass weights, and slaughtered weight. Lambsweaned and finished on pasture showed lower (p < 0.05 hot carcass dressing (42.3%, cold carcass dressing (40.2%, carcass biological dressing (51.8% and thorax width (22.99 cm and higher (p < 0.05 gastrointestinal content (5.6 kg. The presence of dams had aninfluence in systems were there was no weaning, in regard to carcass

  7. Retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e prematuridade em recém-nascidos de grávidas com malária, na Colômbia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Tobón-Castaño

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: É frequente a associação da malária com complicações como prematuridade, retardo no crescimento intrauterino, baixo peso ao nascer e mortalidade infantil, efeitos pouco estudados em áreas hipoendêmicas para malaria. O objetivo deste estudo foi analisar a relação da malária gestacional com estes efeitos em recém-nascidosnuma região endêmica para malária na Colômbia, entre 1993 e 2007. MÉTODOS: Foram estudadas as características em 1.716 recém-nascidos num estudo de coorte. Fez-se seguimento em 394 gestantes com malária (27% por Plasmodium falciparum e 73% por P. vivax e 1.322 sem malária. RESULTADOS: Foi encontrada uma relação entre a exposição à malária na gestação e o risco maior de baixo peso ao nascer (RR = 1,37; 1,03-1,83, assim como estatura baixa (RR = 1,52; 1,25-1,85, retardo no crescimento intrauterino (RR = 1,29; 1,0-1,66 e prematuridade (RR = 1,68; 1,3-2,17. A frequência de nascimentos prematuros foi maior nas mães com malária por P. falciparum (77% que aquelas com P. vivax (RR = 1,77; IC 95%: 1,2-2,6. CONCLUSÕES: O baixo peso ao nascer e o retardo no crescimento foi associado com malária na gestação na Colômbia. A infecção por P. vivax foi relacionada com efeitos adversos sobre o recém-nascido, de modo semelhante em relação ao P. falciparum.

  8. Hábitos alimentarios saludables en el control del peso corporal

    OpenAIRE

    Bensadón Belicha, Sara

    2016-01-01

    Los hábitos alimentarios se definen como cantidad, proporción, variedad y frecuencia de consumo de alimentos de forma regular. La relación entre hábitos alimentarios y salud está bien documentada, con amplia evidencia científica de que existe una relación entre hábitos alimentarios deficientes y enfermedades crónicas como diabetes, enfermedad cardiovascular, hipertensión, algunos tipos de cáncer, Alzheimer y obesidad (DGAC, 2015). La obesidad se ha convertido en el principal problema nutricio...

  9. Fatores prognósticos para o desenvolvimento cognitivo de prematuros de muito baixo peso Prognostic factors for cognitive development of very low birth weight premature children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva Barbosa Baker Méio

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Crianças prematuras, de muito baixo peso, podem apresentar alterações em seu desenvolvimento cognitivo. No Brasil, pouco se conhece sobre a evolução dessas crianças na idade pré-escolar. O objetivo do estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo de uma população de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso e verificar possíveis fatores prognósticos para desenvolvimento cognitivo anormal. MÉTODOS: Um estudo de coorte foi realizado com uma população de crianças pré-escolares, nascidas prematuras, de muito baixo peso, entre janeiro de 1991 e setembro de 1993. O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio do teste WPPSI-R (Wechsler Preschool and Primary Intelligence Scales aplicado por psicólogas, utilizando dois pontos de corte para definição de anormalidade: escores abaixo de 1 e 2, desvios padrões da média (DP. RESULTADOS: Foram avaliadas 79 crianças de quatro a cinco anos de idade. A média do escore total do teste WIPPSI-R foi de 75,6 (±11,9. A incidência de escore total anormal foi de 77,2% e de 32,9% (1DP e 2 DP, respectivamente. Após o ajuste por "tipo de parto", ser pequeno para a idade gestacional (OR=6,19; IC95% 1,60-23,86, ultra-som transfontanela anormal (OR=5,90; IC95% 1,04-9,83 e ser do sexo masculino (OR=3,20; IC 95% 1,32-26,35 foram os fatores que predisseram escore total OBJECTIVE: Very low birth weight premature children often show cognitive development abnormalities. There is scarce information about the outcome of these children at preschool age in Brazil.The objective of the study is to describe the cognitive development of a population of premature newborns and to assess possible prognostic factors for abnormalities. METHODS: A cohort study was conducted in a preschool children population whose subjects were very low birth weight premature babies born between January 1991 and September 1993. WPPSI-R Test was used for cognitive evaluation and it was applied by psychologists. Two

  10. Retinopatía de la prematuridad en el neonato con peso menor de 1 500 g Retinopathy of prematurity in neonate weighing less than 1 500 g

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa María Fernández Ragi

    2010-03-01

    Full Text Available INTRODUCCIÓN. La retinopatía del prematuro (ROP es una retinopatía neovascular que se desarrolla hasta en el 84 % de los niños prematuros. Es inversamente proporcional al peso y a la edad gestacional y muy frecuente en el menor de 1500 g. El objetivo de esta investigación fue conocer la incidencia de retinopatía de la prematuridad en los neonatos de menos de 1500 g de peso, así como algunos factores asociados. MÉTODOS. Se realizó un estudio prospectivo longitudinal en el cual se incluyeron 31 neonatos con peso menor de 1500 g, ingresados en la unidad de cuidados intensivos neonatales del Hospital «Iván Portuondo» entre enero del 2004 y diciembre del 2008. No se incluyeron los fallecidos en ese período. En todos los casos se realizaron pesquisas de ROP. Se tomó en cuenta el sexo y la edad gestacional menor de 36 semanas. Se valoraron algunos factores de riesgo para ROP. RESULTADOS. Se encontró ROP en el 25,8 % de los 31 neonatos: el 6,5 % con ROP I Y ROP II, el 9,7 % con ROP III y el 3,2 % con ROP IV. Se encontró retina inmadura en el 74,2 % de los pacientes. El 9,7 % de los casos y el paciente con grado IV recibieron tratamiento quirúrgico con rayos láser. Se encontró mayor incidencia en el sexo masculino y factores asociados como la dificultad respiratoria y la ventilación, en el 75 % de los casos. CONCLUSIÓN. La incidencia de ROP fue baja en comparación con los resultados de otros estudios.INTRODUCTION: Retinopathy of prematurity (RP is a neovascular retinopathy developing in the 84 % of premature infants. It is proportional in inverse order to weight and to gestational age and its frequent in an infant weighing less than 1500 g. The aim of present research was to know the prematurity retinopathy incidence in neonates weighing less than 1500 g, s well as some related factors. METHODS: A longitudinal and prospective study was conducted including 31 neonates weighing less than 1500 g, admitted in neonatal intensive care

  11. Postura materna durante a gestação e sua influência sobre o peso ao nascer Maternal posture and its influence on birthweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica Yuri Takito

    2005-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a relação entre postura/atividade física materna e o peso inadequado ao nascer. MÉTODOS: Coorte prospectiva com 152 gestantes de serviço de assistência pré-natal de baixo risco de um hospital especializado, localizado no Município de São Paulo. Para cada gestante foram realizadas três entrevistas ao longo da gestação, quando foi avaliada a freqüência de atividades físicas diárias. O peso ao nascer (inadequado 3.000 g foi a variável dependente e as variáveis de freqüência de atividades físicas foram as variáveis independentes. Foi realizada análise estatística de regressão logística univariada e múltipla, tendo como variáveis de controle a escolaridade, tabagismo, morar com o companheiro e estado nutricional inicial. RESULTADOS: Foi identificado como fator de proteção para o peso inadequado ao nascer a realização de caminhada no primeiro período da gestação por menos de 50 min (OR ajustado =0,44; IC 95%: 0,20-0,98. A permanência em pé parada por mais de 2,5 horas mostrou acentuado risco no segundo trimestre (OR ajustado =3,23; IC 95%: 1,30-7,99. Dentre as atividades que requerem a postura ereta, identificou-se relação do tipo dose-resposta para lavar roupa e cozinhar (p de tendência linear OBJETIVE: To analyze the relationship between maternal posture/physical activity and inadequate birthweight. METHODS: Prospective cohort study involving 152 pregnant women from a public low-risk antenatal care facility. Three interviews evaluating the frequency of physical activity were administered to each pregnant woman during gestation. Birthweight (inadequate when 3,000 g was the dependent variable and the frequency of physical activity the independent variable. Statistical analysis was performed using logistic univariate analysis and multiple regression controlling for schooling, smoking, living with spouse, and baseline nutritional status. RESULTS: The practice of walking for at least 50 minutes

  12. Comparação de ibuprofeno via oral e indometacina intravenosa no tratamento da persistência do canal arterial em neonatos com extremo baixo peso ao nascer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eun Mi Yang

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Existem poucos relatórios publicados com relação à eficácia do ibuprofeno via oral no tratamento da persistência do canal arterial (PCA em neonatos com extremo baixo peso ao nascer (EBPN. Comparamos o ibuprofeno via oral à indometacina intravenosa no que diz respeito à eficácia e segurança no tratamento de PCA em neonatos com peso inferior a 1.000 g ao nascer. MÉTODO: Este foi um estudo retrospectivo em um único centro. Coletamos dados de neonatos com EBPN que tiveram PCA ecocardiograficamente confirmada. Os neonatos foram tratados tanto com indometacina intravenosa quanto com ibuprofeno via oral. A taxa de fechamento do canal, a necessidade de tratamentos adicionais, os efeitos colaterais ou as complicações relacionadas ao medicamento e a mortalidade foram comparados entre os dois grupos de tratamento. RESULTADO: Examinamos 26 neonatos que receberam indometacina e 22 que receberam ibuprofeno. A taxa geral de fechamento do canal foi semelhante nos dois tratamentos: o fechamento do canal ocorreu em 23 dos 26 neonatos (88,5% no grupo indometacina, e em 18 dos 22 neonatos (81,8% no grupo ibuprofeno (p = 0,40. A taxa de ligadura cirúrgica (11,5% em comparação a 18,2%; p = 0,40 não diferiu de forma significativa entre os dois grupos de tratamento. Após o tratamento, não foi encontrada nenhuma diferença significativa nas concentrações de creatinina sérica entre os dois grupos. Não houve diferenças significativas com relação a efeitos colaterais ou complicações adicionais. CONCLUSÃO: Em neonatos com EBPN, o ibuprofeno via oral é tão eficaz quanto a indometacina intravenosa no tratamento da PCA. Não há diferenças entre os medicamentos no que diz respeito à segurança. O ibuprofeno via oral poderia ser usado como um agente alternativo no tratamento da PCA em neonatos com EBPN.

  13. Consumo de micronutrientes e excesso de peso: existe relação?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Marcucci Leão

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O incremento da obesidade nas últimas décadas se associa às mudanças nos modos de vida da população, incluindo amplas alterações dietéticas, sobretudo na ingestão de micronutrientes. OBJETIVO: Descrever o consumo de micronutrientes e revisar sua implicação no estado nutricional. MÉTODOS: Realizou-se levantamento bibliográfico contemplando artigos nacionais e internacionais, publicados nos últimos 11 anos, nas bases de dados SciELO, LILACS, Medline e sites de organizações governamentais, usando como descritores: "micronutrientes", "consumo alimentar", "excesso de peso" , "saúde" e "estado nutricional" e suas traduções em inglês. RESULTADOS: A deficiência no consumo de micronutrientes é um problema de saúde global, atingindo cerca de 2 bilhões de pessoas, e parece se associar com maior risco de doenças e agravos não transmissíveis, incluindo a obesidade. A insuficiente ingestão de vitamina A favorece o excesso de peso por alteração no metabolismo da tireóide, enquanto a vitamina C se relaciona à síntese de carnitina e oxidação da gordura; e a vitamina D favorece o controle da saciedade e do gasto energético. Quanto aos minerais, o cálcio auxilia a regulação da termogênese e lipogênese/lipólise; e o zinco está envolvido na regulação de insulina e leptina. CONCLUSÃO: A promoção de hábitos alimentares saudáveis por meio de práticas educativas se faz necessária para maior conscientização da população acerca das implicações do consumo de micronutrientes no estado nutricional, devendo compor as estratégias de Saúde Pública de controle da obesidade e suas complicações.

  14. Las parroquias rurales de Buenos Aires entre 1730 y 1820

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mar\\u00EDa Elena Barral

    2004-01-01

    Full Text Available Este artículo estudia el proceso de construcción de las parroquias rurales de Buenos Aires a lo largo de casi un siglo. Analiza esta gradual extensión de la red parroquial desde 1730 –la creación de los primeros curatos– hasta la década de 1820 cuando la Iglesia experimentaría cambios decisivos en su configuración como consecuencia de las reformas rivadavianas. El trabajo apunta a dar cuenta de los ritmos diferenciales con que se organizó la red parroquial en distintas zonas de la campaña bonaerense y a identificar los momentos más relevantes de los cambios en la misma. Asimismo examina el clero rural: su peso cuantitativo según áreas y períodos, su composición interna y algunos rasgos de las gestiones parroquiales. En especial considera aquellas acciones que los eclesiásticos exhibían entre sus mayores méritos y servicios, como modo de reconocer lo que –en la época– se esperaba de su actividad pastoral en la cura de almas

  15. Correlação fenotípica entre caracteres de híbridos diploides (AA de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauro Saraiva Lessa

    2012-12-01

    Full Text Available O estudo de correlação tem como propósito mensurar a alteração em um caráter quando se altera outro. Neste trabalho, objetivou-se estimar correlações fenotípicas entre o número de frutos por cacho e 22 caracteres avaliados em híbridos diploides (AA de bananeira. No experimento, conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em blocos casualizados com quatro repetições, foram avaliados 11 híbridos diploides (AA de bananeira. Os caracteres avaliados foram: altura de plantas, diâmetro do pseudocaule, número de filhos, número de folhas na floração, período do plantio ao florescimento, presença de pólen, peso do cacho e da ráquis, sigatoka-amarela no florescimento, número de folhas na colheita, Sigatoka-amarela na colheita do cacho, número de dias do florescimento à colheita, comprimento e diâmetro do engaço, peso da segunda penca, número de pencas e de frutos por cacho, fragilidade do pedicelo, comprimento e diâmetro do fruto e comprimento do pedicelo, além de presença de semente. Após a tabulação, procederam-se a estudos de correlação entre o número de frutos e os demais caracteres da planta. Essas correlações variaram entre os genótipos, sendo assim, observado que as associações entre o número de frutos e os caracteres vegetativos da planta foram, de forma geral, não significativas. Já as relações entre o número de frutos por cacho e os outros caracteres produtivos foram, predominantemente, significativas.

  16. Enfermedad periodontal: ¿es factor de riesgo para parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia? Periodontal disease: is it a risk factor for premature labor, low birth weight or preeclampsia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Castaldi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Evaluar si la enfermedad periodontal (EP constituye un factor de riesgo de parto pretérmino, bajo peso al nacer o preeclampsia y si hay alguna relación entre las formas clínicas de la EP y los resultados obstétricos mencionados. MÉTODOS: Estudio analítico, transversal y prospectivo de todas las mujeres que tuvieron su parto en el Hospital Dr. José Penna, de la ciudad de Bahía Blanca, Argentina, entre el 1.º de febrero y el 18 de julio de 2003 y entre el 1.º de marzo y el 31 de mayo de 2004. A las mujeres que cumplieron los criterios de inclusión (ser mayor de 18 años, tener al menos 18 dientes, no ser diabética y que los hijos hubieran sobrevivido al parto se les practicó un examen odontológico en busca de hemorragia al sondaje, movilidad dentaria o inflamación gingival y se realizaron mediciones clínicas de la pérdida de inserción. Se calcularon las razones de posibilidades (odds ratios, RP con sus intervalos de confianza del 95% (IC95% y se ajustaron los resultados por las variables "ser fumadora" y "tener anemia". RESULTADOS: Se registraron 2 003 nacimientos, correspondientes a 1 982 partos. Se excluyeron 420 (21,2% mujeres por no cumplir los criterios de inclusión o por no poder realizárseles el diagnóstico odontológico previsto. De las 1 562 mujeres evaluadas, 809 (51,8% presentaban alguna de las afecciones buscadas; de ellas, 274 (17,5% padecían EP grave y 535 (34,3% tenían gingivitis. En total, 149 (9,5% partos fueron pretérmino, en 161 (10,3% nacieron niños con bajo peso y en 157 (10,0% se presentaron casos de preeclampsia. No se observó asociación alguna entre la EP y el parto pretérmino (RP = 1,06; IC95%: 0,74 a 1,50, el bajo peso al nacer (RP = 1,05; IC95%: 0,74 a 1,47 y la preeclampsia (RP = 0,99; IC95%: 0,70 a 1,40. El riesgo de dar a luz un niño con bajo peso al nacer en el subgrupo de fumadoras de más de 10 cigarrillos diarios fue mayor en las que tenían enfermedad periodontal grave que

  17. Longitud y peso al nacer: el papel de la nutrición materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GONZÁLEZ-COSSÍO TERESA

    1998-01-01

    Full Text Available Objetivo. Identificar los factores determinantes del peso (PN y la longitud al nacer (LN. Material y métodos. Se estudiaron 481 mujeres con sus neonatos, y se ajustaron modelos de regresión múltiple para PN y LN de acuerdo con un modelo biológico predeterminado. Resultados. El PN del grupo por debajo de la mediana de circunferencia de pantorrilla (CP, talla o circunferencia cefálica fue 133, 92 y 96 g menor (± 35 error estándar -EE-, p de la mediana, ajustando por antecedentes obstétricos, socioeconómicos, el género y la edad gestacional del neonato. Estar por debajo de la mediana de CP o de talla se asoció con una LN 5.8 y 6.2 mm menor (± 1.9 mm EE p< 0.01, respectivamente, ajustando por antecedentes obstétricos, edad gestacional y género del bebé. Conclusiones. Los resultados sugieren que la antropometría materna es el predictor más importante del tamaño al nacer, y que los predictores del PN y de la LN no son los mismos.

  18. DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM ADOLESCENTES COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphaela Santos do Nascimento Rodrigues

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar los diagnósticos de enfermería en adolescentes de escuelas públicas con exceso de peso, de acuerdo con la Clasificación Internacional de la Práctica de Enfermería. Estudio transversal de población, investigó socio-demográficos, conductuales y psicológicos de adolescentes de 10 a 14 años. Se establecieron 11 diagnósticos de enfermería: "Riesgo para la Obesidad", "Riesgos de desarrollo adolescente comprometida", "Riesgo de inseguridad en el rendimiento papel de los padres”, "Riesgo para la capacidad de la familia para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de capacidad para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de Déficit de conocimientos sobre la dieta", "Riesgo de ingesta excesiva de alimentos", "Imagen negativa de sí", "Riesgo para la autoestima", "Riesgo Bienestar comprometida", "Estándar ejercicio comprometido". Reflejo de la naturaleza multifactorial de la obesidad, destacando la necesidad de interdisciplinaria e intersectorial de prevención y control de sobrepeso.

  19. Estimativa de peso ao nascimento utilizando a ultrassonografia bidimensional e tridimensional Estimate of birth weight using two- and three-dimensional ultrasonography

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Marcondes Machado Nardozza

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a acurácia de uma fórmula utilizando o volume do braço (VolBra, da coxa (VolCox e parâmetros bidimensionais [circunferência abdominal (CA e comprimento do fêmur (CF] fetais na predição de peso ao nascimento. MÉTODOS: Realizou-se um estudo do tipo corte transversal envolvendo 78 gestações únicas de fetos vivos, euploides e sem malformações estruturais, dentro de 48 horas antes do nascimento. O VolBra e o VolCox foram aferidos por meio da ultrassonografia tridimensional utilizando-se o modo multiplanar a intervalos de 5 mm. A CA e o CF foram aferidos por meio da ultrassonografia bidimensional. Foram realizadas análises de regressão linear e polinomial para determinação da melhor fórmula para predizer o peso fetal com base no VolBra, VolCox, CA e CF. Os erros obtidos com essas fórmulas foram comparados com os obtidos com as fórmulas de Shepard e Hadlock por meio de ANOVA. RESULTADOS: A melhor fórmula que estimou o peso ao nascimento foi uma linear simples (Peso= -1486,1 + 60,5CA + 140,57CF + 16,6VolBra + 4,8VolCox, com R2= 0,932. O erro (E, erro absoluto (EA, erro percentual (EP e erro percentual absoluto (EPA da fórmula que utiliza os parâmetros bi e tridimensionais foram 0 g, 0,2%, 112,2 g e 3,7%, respectivamente. Em relação às fórmulas bidimensionais, a nova equação apresentou menores E, EA, EP e EPA que a fórmula de Shepard, e menores EA e EPA em relação à fórmula de Hadlock. CONCLUSÃO: A fórmula de predição de peso utilizando o VolBra, VolCox, CF e CA se mostrou superior às fórmulas que utilizam apenas parâmetros bidimensionais.OBJECTIVE: Assess and compare accuracy of birth weight prediction using a combination of two-dimensional (abdominal circumference - AC and femur length - FL and three-dimensional parameters (fetal arm -VolArm and thigh -VolTh volumes. METHODS: A cross sectional study was carried out involving 78 singleton, live, euploid fetuses without structural malformations

  20. Secuelas del neurodesarrollo de recién nacidos prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso a los dos años de edad, egresados de la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales del Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins 2009-2014

    OpenAIRE

    Fernández Sierra, Carmen; Matzumura Kasano, Juan; Gutiérrez Crespo, Hugo; Zamudio Eslava, Luisa; Melgarejo García, Giannina

    2017-01-01

    Objetivo: Describir las secuelas del neurodesarrollo de los recién nacidos prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso a los dos años de edad, egresados de la Unidad de Cuidados Intensivos Neonatales del Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins. Materiales y métodos: Estudio descriptivo, retrospectivo, transversal en una población de 190 prematuros de extremadamente bajo peso y de muy bajo peso que nacieron durante enero 2009 a junio del 2014, egresados de la Unidad de Cuida...

  1. Consumo de fibra alimentar por crianças e adolescentes com constipação crônica: influência da mãe ou cuidadora e relação com excesso de peso Dietary fiber intake for children and adolescents with chronic constipation: influence of mother or caretaker and relationship with overweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Santos Mello

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da mãe ou da cuidadora sobre o consumo de fibra alimentar por crianças e adolescentes com constipação crônica bem como sua relação com a ocorrência de excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 38 crianças e adolescentes com constipação funcional e suas respectivas cuidadoras. Para análise do consumo de fibra alimentar, foi utilizado o registro alimentar de três dias. Peso e estatura foram aferidos para verificar o estado nutricional. A história familiar de constipação foi investigada. RESULTADOS: A maioria dos pacientes com constipação (89,5%; 34/38 apresentava consumo insuficiente de fibra (inferior à idade +5g. Das 38 cuidadoras, apenas uma (2,6% apresentou ingestão de fibra superior à recomendação mínima (20g/dia. Excesso de peso foi encontrado em 28,9% (11/38 dos pacientes e em 60,5% (23/38 das suas responsáveis. Associação entre excesso de peso e presença de constipação foi verificada entre as cuidadoras (p=0,046. As crianças e adolescentes do sexo feminino com excesso de peso apresentaram menor ingestão de fibra, comparadas às sem excesso de peso (p=0,011. Nos pacientes do sexo masculino, essa associação não foi observada. O consumo de fibra pelas cuidadoras com excesso de peso foi inferior ao das demais (p=0,027. Observou-se correlação entre consumo de fibra pelas crianças com constipação e suas cuidadoras, nos sexos masculino (r=+0,561; p=0,005 e feminino (r=+0,782; pOBJECTIVE: To evaluate the influence of the mother or caretaker on the consumption of dietary fiber by children and adolescents with chronic constipation and its relationship with the occurrence of overweight. METHODS: This cross-sectional study enrolled 38 children and adolescents with functional constipation and their respective caretakers. A three-day food register was used for the analysis of the dietary fiber consumption. Weight and height were measured to verify the nutritional status

  2. Aumento de peso después de soporte nutricional en una unidad de cuidado intensivo neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Velasco Benítez

    2014-09-01

    Full Text Available Introducción: El ayuno provoca en el recién nacido (RN, deterioro de su estado nutricional y crecimiento a corto y largo plazo. Objetivo: Determinar la ganancia de peso en RN críticamente enfermos (CE luego de nutrición parenteral (NP. Materiales  y  métodos: Estudio descriptivo observacional de tipo transversal, en 110 RNCE de ambos sexos, a término (RNAT y pretérmino (RNPreT, del Seguro Social de Bucaramanga, Colombia, que recibieron NP central o periférica. Se obtuvieron datos como sexo, edad gestacional, peso, gramos/kg/día de carbohidratos, proteínas y grasas, kcal/kg/día basales y finales, días de NP y patología subyacente. El análisis estadístico incluyó medidas de tendencia central y de posición, frecuencias, análisis uni y bivariado, pruebas de comparación de promedios y medianas, Chi cuadrado y Fisher, siendo el nivel de significancia de 0,05.Resultados: Fueron incluidos 63 RNPreT y 47 RNAT, con principal diagnóstico enterocolitis necrosante en 40 (36,4%. El promedio al final de la NP de proteínas y grasas fue 1,3 g/kg/día y 2,5 g/kg/día, respectivamente. Hubo incremento del peso basal y final de 14,2 g/día y diferencias significativas en cuanto a la progresión del peso basal y final, en los RNAT (p=0.015 y RNPreT (p=0.000, incluso con peso Conclusiones: Todos los RNCE que recibieron NP desde el primer día de vida, a dosis más bajas que las actualmente recomendadas, presentaron mejoría nutricional medible con la variación de peso diario

  3. Influencia del bajo peso al nacer en el estado de salud durante el primer año

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orlando Ortiz Silva

    1997-08-01

    Full Text Available Se realizó un trabajo descriptivo-retrospectivo sobre la influencia del bajo peso al nacer en el estado de salud al año de edad en el municipio Jaruco, desde el 1ro. de enero de 1994 hasta el 31 de diciembre de 1995. Se estudiaron 2 grupos de niños: grupo 1: formado por 55 niños con peso menor de 2 500 g en el período estudiado y grupo 2: escogidos del resto de nacidos con peso superior a los 2 500 g, numéricamente similar. Se concluye que los niños con bajo peso al nacer no muestran diferencias en el desarrollo físico al año de edad, pero sí aumento en los índices de morbilidad ambulatoria y hospitalaria por infecciones respiratorias agudas, enfermedades diarreicas agudas, sepsis urinaria y anemia, así como un peso importante en la mortalidad infantil. Se recomiendan actividades de promoción y prevención para disminuir el bajo peso al nacer.A descriptive and retrospective study about the influence of low birth weight on the health status during the first year of life was conducted in the municipality of Jaruco from January 1, 1994, to december, 1995. Two gruops of children were analyzed: the first group was composed of 55 infants with less than 2 500 g in the studied period, and in the second group there was a similar amount of infants selected from the rest of those who were born with more than 2 500 g. It is concluded that infants with low birth weight show no differences in their physical development, but that there is an increase in the indexes of ambulatory and hospital morbidity resulting from respiratory tract infections, acute diarrheal diseases, urinary sepsis and anemia. It is also demonstrated the importance of promotion and prevention to reduce low birth weight.

  4. Efeito do consumo de erva-mate (Ilex paraguariensis sobre o ganho de peso e a glicemia de jejum em ratos alimentados com uma dieta hiperlipídica = Effect of yerba mate (Ilex paraguariensis consumption on weight gain and fasting glucose in rats fed with a high-fat diet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Machado, Alisson Diego

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o efeito do consumo de erva-mate sobre o ganho de peso e a glicemia de jejum em ratos alimentados com uma dieta hiperlipídica. Materiais e Métodos: Foram utilizados 14 ratos divididos em três grupos. O primeiro grupo (n=4 foi alimentado com ração comercial para ratos, o segundo (n=5 recebeu dieta hiperlipídica e o terceiro (n=5 foi alimentado com dieta hiperlipídica acrescida de infusão de erva-mate, durante 24 dias. Durante o estudo foram monitorados o peso e o índice de Lee e ao final a glicemia de jejum. Resultados: Os ratos alimentados com dieta hiperlipídica contendo infusão de erva-mate apresentaram menor ganho de peso em relação aos que consumiram apenas a ração hiperlipídica, nos três períodos experimentais analisados (p=0,048, p=0,016 e p=0,048, respectivamente. Não houve diferença significativa em relação ao índice de Lee entre os grupos. O consumo da erva-mate promoveu tendência a menores níveis de glicemia de jejum em relação ao grupo alimentado com dieta comercial (p=0,056 e ao grupo que recebeu dieta hiperlipídica (p=0,075. Conclusão: O consumo de erva-mate proporcionou menor ganho de peso em relação aos ratos que foram alimentados apenas com ração hiperlipídica e tendência a menores níveis de glicemia de jejum

  5. Perfil de natimortalidade de acordo com ordem de nascimento, peso e sexo de leitões Stillbirth pattern according to birth order, birth weight, and gender of piglets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V.F. Borges

    2008-10-01

    Full Text Available Foram acompanhados 575 partos para avaliar a influência da ordem de nascimento, do sexo e do peso dos leitões na ocorrência de natimortos. Dos 7061 leitões, 90,2%, 6,0% e 3,8% nasceram vivos, natimortos ou mumificados, respectivamente. O percentual de partos com natimortos foi 44,5%. Partos com dois ou mais natimortos foram responsáveis por 63,1% das perdas por natimortalidade, embora tenham sido responsáveis por 17,2% das leitegadas. O percentual de natimortos aumentou com a ordem de nascimento; a maior taxa de natimortos, 21,7%, ocorreu a partir da 14ª ordem. A taxa de natimortalidade foi de 3,6% e 10,1% nos leitões de primeira a nona e de 10ª a 13ª ordem, respectivamente. Em leitões com até 500g a taxa de natimortos foi de 52,1%, mais alta que a de leitões mais pesados. Em leitões com 501 a 1200g foi de 10,1%, maior que entre os com mais de 1200g (4,0%. Não houve efeito de sexo dos leitões na ocorrência de natimortos, que foi de 6,2% e 5,8% para machos e fêmeas, respectivamente. A natimortalidade é maior entre os leitões com baixo peso ou com ordem de nascimento elevada.To examine the influence of birth order, gender, and birth weight of piglets on stillbirth, records of 575 farrowings were analyzed. Out of 7,061 piglets, 90.2%, 6.0%, and 3.8% were born alive, stillborns and mummified, respectively. The percentage of farrowings with stillborns was 44.5%. Farrowings with two or more stillborns accounted for 63.1% of losses, although they produced 17.2% of the litters. Stillbirth rate increased with the increase of the birth order. Piglets born from the 14th order onward had the highest stillbirth rate (21.7%. Piglets born from the 1st to the 9th and from the 10th to the 13th order had stillbirth rates of 3.6% and 10.1%, respectively. For piglets weighting up to 500g, the stillbirth rate was 52.1%, which was higher than that recorded for heavier piglets. Piglets weighting from 501 to 1,200g had a stillbirth rate of 10

  6. Psychobiology of childhood maltreatment: effects of allostatic load? Psicobiologia dos maus-tratos na infância: efeitos de peso alostático?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Grassi-Oliveira

    2008-03-01

    resposta alostática é excessiva ou ineficiente, o organismo desenvolve um peso alostático. A cascata de efeitos moleculares e neurobiológicos associados ao abuso e negligência na infância poderia ser um exemplo de respostas alostáticas e, dessa forma, poderia precipitar peso alostático em um organismo ainda vulnerável no seu desenvolvimento. Este artigo revisa as conseqüências psicobiológicas relacionadas com os maus-tratos na infância. MÉTODO: Uma revisão seletiva com base sistemática foi realizada na base de dados MedLine, procurando artigos em inglês que investigassem uma associação direta e explícita entre maus-tratos na infância e conseqüências psicobiológicas em humanos durante o período de 1990-2007. RESULTADOS: De 115 artigos, foram selecionados 55 estudos do MedLine e 30 de suas listas de referências, num total de 85 artigos (JCR IF: 1-31,4; mediana: 5,88. Especificamente apenas 29 estudos investigaram uma associação direta e explícita entre eles. CONCLUSÃO: Em resumo, as conseqüências estruturais dos maus-tratos na infância incluem anormalidades no desenvolvimento do corpo caloso, neocórtex esquerdo, hipocampo e amígdala; as conseqüências funcionais incluem um aumento da irritabilidade nas áreas límbicas, disfunções do lobo frontal e redução da atividade funcional do vermis cerebelar; e as conseqüências neuro-humorais englobam a reprogramação do eixo HPA e subsequentemente à resposta ao estresse.

  7. Estudo sobre nascidos vivos em maternidades: 1. Peso ao nascer, sexo, tipo de nascimento e filiação previdenciária das mães A study of life births in maternity hospitals: 1. Birth weight, sex, litter size and mothers' health security

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes R. de Souza

    1988-12-01

    Full Text Available O peso ao nascer do recém-nascido é o resultado de diversos fatores (orgânicos, psíquicos e sociais sobre o potencial genético do feto. É natural que sua distribuição seja diferente conforme as características da população. Desta maneira, pretendeu-se estudar o peso ao nascer dos recém-nascidos vivos, de 1978 e 1979, de duas grandes maternidades de Florianópolis, SC (Brasil, nas quais ocorrem 90% dos partos da região, segundo sexo, tipo de nascimento e filiação previdenciária das mães. Observou-se que a média de peso ao nascer dos 18.491 recém-nascidos vivos estudados foi de 3.347,6g. Nessa população ocorreu 5,3% de baixo peso ao nascer e 11,1% de crianças com 4.000g ou mais. As crianças do sexo masculino pesaram ao nascer mais que as do sexo feminino, sendo esta diferença estatisticamente significativa. O mesmo fato ocorreu com as crianças de nascimentos únicos e múltiplos, tendo os primeiros peso ao nascer maior que os segundos, sendo também esta diferença estatisticamente significativa. O estudo da relação entre a filiação previdenciária das mães e o peso ao nascer das crianças mostrou que as mulheres da classe "indigente/serv. social" tiveram número significativamente maior de recém-nascidos de baixo peso do que os de outras categorias sociais. Esses dados mostram que a população estudada apresentou uma baixa incidência de baixo peso ao nascer, com uma distribuição de peso ao nascer semelhante a de países adiantados.Birthweight is the result of many factors (organic, psychological, social acting on the genetic potential of the fetus. Consequently, its distribution is different according to the characteristics of the population. In this paper the authors studied the weight at birth of live newborns (from 1978 to 1979 in the two big maternity hospitals, in Florianópolis, responsible for 90% of all births in the area, by sex, litter size and mother's health security. The authors verified that the

  8. Peso de abate de machos não-castrados para produção do bovino jovem. 2. Peso, idade e características da carcaça Slaughter weights for the production of young bull cattle. 2. Weight, age and carcass characteristics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo Maria da Cruz

    2004-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de obter o peso e idade de abate e as características de carcaça de bovinos machos não-castrados, o confinamento foi desenvolvido na Embrapa Pecuária do Sudeste. Um total de 215 animais, da Embrapa e de produtores particulares, sendo 53 Blonde d'Aquitaine x Nelore (BN, 36 Canchim x Nelore (CN, 36 Limousin x Nelore (LN, 36 Piemontês x Nelore (PN, 18 Canchim (CA e 36 Nelore (NE, foram utilizados. Foram avaliados os pesos de abate (TRAT de 400 (I, 440 (II e 480 kg (III, exceto para os bovinos NE, que foram de 380, 410 e 440 kg. Os animais receberam uma dieta, ad libitum, à base de 50% de silagem de milho e 50% de concentrado, na base seca. O peso vivo dos animais foi obtido, após jejum de água e alimentos de 16 horas. Os animais foram abatidos em frigorífico comercial. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias, comparadas pelo teste SNK. Os animais cruzados e Canchim foram abatidos com 231, 252 e 273 kg de carcaça quente aos 15,4; 16,1 e 16,8 meses de idade para os TRAT I, II e III, respectivamente, enquanto as carcaças dos animais NE pesaram 211,5; 219 e 228 kg aos 16,4; 17,2 e 17,5 meses, respectivamente. As médias estimadas de período experimental, rendimento de carcaça, área de olho de lombo e espessura de gordura externa foram: 70,9; 95,1 e 114,7 dias; 57,2; 57,7 e 58,3%; 31,4; 30,9 e 30,2 cm²/100 kg de carcaça; 2,5; 3,1 e 3,6 mm, para os TRAT I, II e III, respectivamente. A percentagem de carne comestível do traseiro especial não foi alterada pelos pesos de abate, ocorrendo redução na percentagem de ossos e aumento na percentagem de aparas de gordura, à medida que aumentou o peso de abate. Ocorreram interações entre TRAT e grupos genéticos para pesos estimados de abate, percentagens de cortes traseiro total, traseiro especial e dianteiro da carcaça resfriada e área de olho de lombo.To obtain slaughter weight and age and the carcass characteristics of young bulls, a feedlot study

  9. Excesso de peso e adiposidade central em adultos de Teresina-PI Overweight and abdominal fat in adult population of Teresina, PI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Guimarães Martins Holanda

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de excesso de peso e adiposidade abdominal em adultos residentes na zona urbana da cidade de Teresina-PI. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra probabilística por conglomerados. Foram avaliados 464 adultos, entre 20 e 59 anos, residentes na zona urbana do município de Teresina-PI. O estado nutricional foi classificado com base no Índice de Massa Corporal (IMC, e o acúmulo de gordura abdominal foi estimado pela medida da circunferência da cintura. O nível de significância foi estabelecido em 5% (pOBJECTIVE: To determine prevalence of overweight and abdominal fat in adult population in the urban area of Teresina-PI. METHODS: Cross-sectional study with probabilistic sample by conglomerates. The study evaluated 464 adults, 20 to 59 years of age living in the urban area of Teresina-PI. Nutritional status was classified by the body mass index (BMI and abdominal fat accumulation was estimated according to waist circumference. The significance level was set at 5% (p<0.05. RESULTS: Prevalence of overweight and obesity according to nutritional status based on BMI was, respectively, 30.0% and 7.7%. There was an increase in the proportion of overweight and obesity among men with progressively higher family income. Highest rates of obesity were found among individuals 50 to 59 years of age with stable marriages and nonsmokers. No association was found between individual or family income and presence of abdominal fat in the population. CONCLUSION: Prevalence of overweight in the study population follows the Brazilian trend. Proportions of overweight and obesity were higher among men and increased with age. Women and married persons showed a greater tendency for abdominal obesity.

  10. Interação genótipo x ambiente para peso aos 365 dias em bubalinos da raça Mediterrâneo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Barreto Rodrigues

    2015-07-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho foi verificar a presença da interação genótipos x ambientes (GxA para peso aos 365 dias de idade, em bubalinos da raça Mediterrâneo, com o uso de modelos de normas de reação via regressão aleatória. O modelo animal padrão e os modelos de normas de reação foram testados, tendo-se avaliado o modelo hierárquico norma de reação (MNR com um e com dois passos. O modelo hierárquico homocedástico de norma de reação com um passo (MHNRHO1P apresentou o melhor ajuste, com base em três critérios de comparação. As estimativas de herdabilidade direta para esse modelo variaram de 0,19 a 0,78, conforme a melhoria do ambiente. Além disso, houve mudança dos valores genéticos diretos (efeito escala de alguns reprodutores, o que indica a existência de interação GxA. As correlações de Spearman foram altas, tanto na comparação do modelo animal padrão com os MNR, como na comparação entre os níveis de baixa, média e alta qualidade no MHNRHO1p. Portanto, embora haja interação GxA, a classificação dos reprodutores não é significativamente afetada pelos modelos. A maioria dos bubalinos é formada por animais de genótipo robusto, que são menos sensíveis a mudanças ambientais.

  11. Relação entre as habilidades auditivas no primeiro ano de vida e o diagnóstico de linguagem em prematuros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cyntia Barbosa Laureano Luiz

    Full Text Available RESUMO Objetivo: verificar se há relação entre as habilidades auditivas no primeiro ano de vida e o diagnóstico de linguagem entre os 2 e 4 anos de idade em crianças nascidas pré-termo com peso abaixo de 2000 gramas. Métodos: foram selecionados um grupo de 54 crianças com emissões otoacústicas evocadas por estímulos transientes presentes nos primeiros três meses, com avaliação audiológica comportamental entre os 6 e 18 meses e avaliação de linguagem entre os 2 e 4 anos de idade. Resultados: não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre a ocorrência de reflexo cócleo palpebral e a habilidade de localização sonora entre 6 e 18 meses com resultado da avaliação de linguagem.Em relação à habilidade de reconhecimento de ordens verbais entre os 12 e 18 meses foi observada diferença estatisticamente significante.Crianças que apresentam reconhecimento de ordens verbais alterado entre 12 e 18 meses tem 12,25 vezes mais chances de apresentar linguagem alterada entre os 2 e 4 anos. Conclusão: existe uma relação entre o reconhecimento de ordens verbais alterado entre 12 e 18 meses e a alteração no resultado da avaliação de linguagem entre os 2 e 4 anos.

  12. Weapon in houses in Burgos in the eighteenth century. Between functionality and exhibitionism Armas en las casas burgalesas del siglo XVIII. Entre la funcionalidad y el exhibicionismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José SANZ DE LA HIGUERA

    2012-12-01

    Full Text Available In domestic interiors in Burgos in the eighteenth century, the post-mortem inventories allow a deep analysis of a rather unknown and disturbing aspect of material culture, the ownership and use of weapons among the urban population of the old Regime. Not all socio-professional and socio-economic categories have access in the same way to firearms or «white» weapons and their availability changes throughout the century. Who owned the weapons? What was their weight on the volume of their fortunes? What accounts for their presence at homes? Personal and domestic protection, professional requirements, exhibitionism in the social hierarchy and ostentation, hunting needs? How much permeability and penetration did weapons know throughout the eighteenth century?En los interiores domésticos del Burgos del siglo XVIII, los inventarios post mortem permiten un análisis intenso de un aspecto bastante desconocido e inquietante de la cultura material, la posesión y usufructo de armas entre la población urbana del Antiguo Régimen. No todas las categorías socioprofesionales y socioeconómicas tenían acceso de la misma manera a las armas de fuego o a las armas «blancas» y su disponibilidad cambia a lo largo de la centuria. ¿Quiénes eran propietarios de armas? ¿Cuál era su peso relativo sobre el volumen de sus fortunas? ¿A qué responde su aparición en las viviendas? ¿Protección personal y doméstica, exigencias profesionales, exhibicionismo en la jerarquía social y boato, necesidad cinegética? ¿Qué grado de permeabilidad y penetración conocieron las armas a lo largo del Setecientos?

  13. El peso de la Contabilidad en el Grado de Administración y Dirección de Empresas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Cavero-Rubio

    2013-01-01

    Los resultados obtenidos determinan cómo se ha visto modificada la formación general y en Contabilidad de los estudiantes, tanto en el ámbito nacional como individual por universidades, consecuencia de las diferentes reformas de los planes de estudio. En el diagnóstico de las causas o factores que pueden haber influido en el peso de la Contabilidad en el nuevo grado, se ha procedido a efectuar un análisis empírico a través de un modelo ANCOVA. Los resultados obtenidos ponen de manifiesto que las variables Departamento de Contabilidad y Licenciatura en Empresariales tienen una influencia estadística significativa en el peso de la Contabilidad en el Grado en Administración y Dirección de Empresas.

  14. Evaluación del peso seco y el agua corporal según bioimpedancia vectorial frente al método tradicional Assessing dry weight and body water using bioimpedance vector analysis compared to the traditional method

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Teresa Centellas Tristán

    2013-03-01

    Full Text Available Introducción: La bioimpedancia eléctrica se puede utilizar para establecer el estado de hidratación y nutrición en hemodiálisis. La valoración del estado de hidratación de los pacientes se hace habitualmente a modo de "arte clínico" mediante el concepto de "peso seco". Existen pocos trabajos que estudien la concordancia entre el peso seco estimado de forma clínica y el deducido post-bioimpedancia. Material y métodos: Se estudiaron 36 pacientes (26 varones y 10 mujeres. Se realizó bioimpedancia eléctrica vectorial antes y 30' después de diálisis de mitad de semana midiendo, el peso, el agua total y su distribución, el ángulo de fase, la relación de Na/K, y la posición del vector de cada paciente en el normograma de esferas: percentiles 50,75 y 95. El peso-seco se estimó según la valoración subjetiva del nefrólogo, enfermera y paciente. Además en 12 pacientes estables se continuó el análisis por bioimpedancia durante 4 semanas. Resultados: La edad fue de 69.6±12.5 (r=29-89. Prediálisis el peso fue de 73.1±14.1, y postdiálisis de 70.4±13.6. El agua corporal total fue de 24.7±2.8 L/m (53.7±8.2% del peso; 22.1±3.0 L (56.2±5.9% del peso correspondían a agua extracelular y 17.4±3.8 L/m a intracelular. post-hemodiálisis, el agua total se redujo a 22.8±2.4 L/m (51.8±8.6% del peso (23.5±2.2 L en varones; y 21,5±3 L en mujeres de los que 19.6±2.5 L (54,3±5.8% del peso correspondían a agua extracelular y 16.7±3.3 a agua intracelular. Un varón y 5 mujeres sobrepasaron el valor de referencia más alto. El peso post-hemodiálisis fue de 70,4±13,6 ligeramente superior al peso seco establecido: 70,2±13,4 (p=0,02. El ángulo de fase fue 1.2, indicando malnutrición. El estudio de las elipses mostró en el percentil 50 el 58.3% (21 pacientes. El resto se repartían en el 75% de sobrehidratación: 9 (25% y en el 95%, 5 (13,8%. En los 12 pacientes en los que se efectuaron las bioimpedancias seriadas durante 4 semanas

  15. Expected population weight and diabetes impact of the 1-peso-per-litre tax to sugar sweetened beverages in Mexico

    Science.gov (United States)

    Zepeda-Tello, Rodrigo; Rodrigues, Eliane R.; Colchero-Aragonés, Arantxa; Rojas-Martínez, Rosalba; Lazcano-Ponce, Eduardo; Hernández-Ávila, Mauricio; Rivera-Dommarco, Juan; Meza, Rafael

    2017-01-01

    Study question What effect on body mass index, obesity and diabetes can we expect from the 1-peso-per-litre tax to sugar sweetened beverages in Mexico? Methods Using recently published estimates of the reductions in beverage purchases due to the tax, we modelled its expected long-term impacts on body mass index (BMI), obesity and diabetes. Microsimulations based on a nationally representative dataset were used to estimate the impact of the tax on BMI and obesity. A Markov population model, built upon an age-period-cohort model of diabetes incidence, was used to estimate the impact on diagnosed diabetes in Mexico. To analyse the potential of tax increases we also modelled a 2-peso-per-litre tax scenario. Study answer and limitations Ten years after the implementation of the tax, we expect an average reduction of 0.15 kg/m2 per person, which translates into a 2.54% reduction in obesity prevalence. People in the lowest level of socioeconomic status and those between 20 and 35 years of age showed the largest reductions in BMI and overweight and obesity prevalence. Simulations show that by 2030, under the current implementation of 1-peso-per-litre, the tax would prevent 86 to 134 thousand cases of diabetes. Overall, the 2-peso-per-litre scenario is expected to produce twice as much of a reduction. These estimates assume the tax effect on consumption remains stable over time. Sensitivity analyses were conducted to assess the robustness of findings; similar results were obtained with various parameter assumptions and alternative modelling approaches. What this study adds The sugar-sweetened beverages tax in Mexico is expected to produce sizable and sustained reductions in obesity and diabetes. Increasing the tax could produce larger benefits. While encouraging, estimates will need to be updated once data on direct changes in consumption becomes available. PMID:28520716

  16. Estancias de Entre Ríos en el siglo XIX, 1840 y 1880

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Schmit

    2015-04-01

    Full Text Available En este trabajo abordamos la racionalidad de inversión de los estancieros y sus lógicas de explotación de las estancias entrerrianas durante los orígenes del capitalismo rural argentino entre 1840 y 1880. En la investigación analizamos cómo evolucionó la inversión rural dentro de los patrones generales de inversión. Qué peso tuvieron sobre el ciclo productivo rural los distintos costos de los factores de producción. Finalmente, estudiamos las estrategias de gestión y cuál fue la rentabilidad que tuvieron las estancias. En el ensayo utilizamos los datos de una serie de inventarios y de un conjunto de contabilidades de estancias provenientes de los registros de testamentarias. Intentamos mostrar en el trabajo el peso diversificado de los patrones de inversión y la evolución de los costos de los factores de producción. También se plantea tomar en cuenta la rentabilidad que parece haber obtenido los estancieros.

  17. Anxiety and depression symptoms in women with and without binge eating disorder enrolled in weight loss programs Sintomas de ansiedade e depressão em mulheres com e sem compulsão alimentar participantes de programas de redução de peso

    OpenAIRE

    Simone Armentano Bittencourt; Paola Lucena-Santos; João Feliz Duarte Moraes; Margareth da Silva Oliveira

    2012-01-01

    Objetivos: 1) Investigar a associação entre escores de compul¬são alimentar, sintomas de ansiedade e de depressão e índice de massa corporal (IMC); e 2) verificar se existe diferença na inten¬sidade dos sintomas de ansiedade, dos sintomas depressivos e no IMC em mulheres com e sem compulsão alimentar. Método: A amostra foi composta de 113 mulheres com idade entre 22 e 60 anos (39,35±10,85), participantes de programas de redução de peso na cidade de Porto Alegre, sul do Brasil. Foram aplicados...

  18. La religiosidad popular como “entre-medio” entre la religión institucional y la espiritualidad individualizada = Popular religion as “in between” institutional religion and individual spirituality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Torre, Renée de la

    2012-01-01

    Full Text Available Neste artigo se argumenta a relevância do estudo da religiosidade popular para entender as novas formas da religiosidade contemporânea no contexto latinoamericano. Diferente das posturas teóricas dos sociólogos da religião europeia, que assinalam a pertinência do indivíduo como unidade analítica para entender as transformações religiosas próprias da pós-modernidade, este artigo argumenta que a religiosidade popular – entendida como “entre-meio” entre o tradicional e o emergente, entre o local e o transnacional, entre o social e o individual e entre a sacralidade profana e a profanação da religiosidade tradicional – permite entender os fenômenos em que a religiosidade se pratica nas margens da instituição (próprias das expressões new age e neoesotéricas, mas sem desatender os processos em que se legitimam as novas formas desinstitucionalizadas da religiosidade, buscando âncoras e linhagens que geram a continuidade do peso da tradição da religiosidade popular

  19. Efectos del cumplimiento del Ramadán durante el embarazo sobre el peso al nacer con datos de África

    OpenAIRE

    Cantet, María Natalia

    2014-01-01

    El peso al nacer es una de las medidas más utilizada como proxy de la salud y bienestar infantil en la literatura económica. Aquellos niños con bajo peso al nacer (LBW), convencionalmente definido como menos de 2500 gramos, suelen experimentar efectos severos sobre la salud, la mortalidad, la morbilidad y la discapacidad. Por otro lado, el bajo peso al nacer también se traduce en costos sustanciales en el sector de la salud e impone una carga significativa sobre la sociedad en su conjunto. El...

  20. Efecto de la proporción de genes Bos indicus x Bos taurus sobre peso al destete y edad a primer parto en una población multirracial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo O. Toledo Alvarado

    2015-01-01

    Full Text Available Se analizaron 1,289 registros de hembras de primer parto con diversas proporciones de genes Bos indicus y Bos taurus (Charolais, Suizo, Simmental, Holstein Friesian y Salers. Tanto animales puros y cruzados de un hato comercial, ubicado en el municipio de Hueytamalco, Puebla, nacidas entre 1966 a 2006, con el objetivo de estimar la combinación óptima de genes Cebú y la retención de heterosis (RVH sobre las características de peso al destete ajustado a 270 días (PD y edad a primer parto (EPP. A partir de modelos de regresión múltiple se identificó la proporción de Cebú con el mejor comportamiento para las dos características de acuerdo al coeficiente de determinación (R 2 y al estadístico de Mallow (CP. La mejor respuesta para PD se encontró en el rango de 42 a 70 % de genes Bos indicus ; mientras que las menores EPP se establecieron entre 27 al 40 % de proporción Cebú. La retención de heterosis que mostró mayor potencial para PD fue de 76 a 78 % y para EPP de 79 a 92 %. Estos resultados manifiestan la importancia de los efectos no aditivos en ambas características, así como la necesidad de realizar cruzamientos dirigidos.

  1. Ganho de peso e características de carcaça de bovinos Nelore castrados ou não-castrados terminados em confinamento Weight gain and characteristics of carcass of castrated or non-castrated Nellore cattle finished in confinement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fredson Vieira e Silva

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o ganho de peso e as características de carcaça de bovinos Nelore, castrados ou não-castrados, terminados em confinamento. Utilizaram-se 36 animais com 24 meses de idade e peso vivo médio inicial de 445,30 (não-castrados ou 449,57 kg (castrados aos 400 kg de peso corporal. Os animais foram abatidos aos 50 dias de confinamento, quando atingiram peso vivo médio de 516,30 (não-castrados e 506,86 kg (castrados. Os animais não-castrados não tiveram aumento no peso vivo final, mas apresentaram maior ganho de peso (1,42 e 1,15 kg. Os pesos de carcaça quente (272,77 e 261,89 kg e carcaça fria (266,13 e 258,24 kg não diferiram entre animais não-castrados e castrados. Animais não-castrados apresentaram maior rendimento de carcaça quente (52,88 vs 51,65% para os não-castrados, todavia, o rendimento de carcaça fria foi similar entre os grupos (51,55 e 52,39%, em virtude da menor quebra ao resfriamento nos animais castrados (2,43 e 1,40%. Os pesos absolutos de traseiro especial (133,07 e 131,55 kg, dianteiro (105,65 e 100,09 kg e ponta-de-agulha (27,41 e 26,60 kg não diferiram entre animais não-castrados e castrados, mas os pesos relativos de traseiro dos animais castrados foram maiores que dos não-castrados (50,93 vs 50,00%. O contrafilé dos animais não-castrados foi mais pesado que o dos castrados (8,41 vs 7,90 kg. A espessura de gordura (2,05 vs 2,21 mm e a área de olho-de-lombo (66,98 vs 67,48 cm² não diferiram entre animais não-castrados e castrados. O pH na carcaça fria em tempos predeterminados até o estabelecimento do rigor mortis também é semelhante entre animais não-castrados e castrados. Animais não-castrados e castrados têm peso de carcaça satisfatório, porém não apresentam acabamento mínimo de 3 mm de gordura, quando confinados por 50 dias com dieta à base de cana-de-açúcar e concentrado. Para adequação do acabamento, a dieta dos animais deve ser balanceada com maior nível energ

  2. Desempenho reprodutivo de ovelhas mestiças da raça Santa Inês em Brachiaria humidícula e efeito do sexo no ganho de peso de cordeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Oliveira

    2014-02-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o desempenho reprodutivo de ovelhas deslanadas em função do manejo alimentar das crias e idade de desmame, além de mensurar o efeito do sexo no ganho de peso de cordeiros. Sessenta e quatro ovelhas mestiças da raça Santa Inês foram distribuídas em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 4 x 2 x 2 - quatro idades de desmame (56, 70, 84 e 98 dias, sexo e manejo alimentar das crias, cada tratamento com quatro repetições. As ovelhas foram manejadas com a cria ao pé, em 14 piquetes de 1,5 ou 2,0 hectares, formados com pastagem de Brachiaria humidícola. As crias nascidas de partos simples, filhos de reprodutores Santa Inês puros de origem (PO. Após o desmame de todos os grupos, sessenta e quatro cordeiros (32 machos e 32 fêmeas foram distribuídos ao acaso em baias individuais e confinados por 30 dias. A comparação dos parâmetros foi realizada pelo ajuste do modelo de regressão linear simples. Verificou-se vício de tempo longo do manejo alimentar das crias de + 3,7% (P<0,05 para o intervalo entre partos e de + 1,4% (P<0,05 para o período de serviço. Houve efeito linear crescente (P<0,05 da idade de desmame sobre o intervalo entre partos e período de serviço. Verificou-se vício de tempo longo do sexo das crias de + 2,0% (P<0,05 para o intervalo entre partos e de + 0,8% (P<0,05 para o período de serviço das ovelhas. Constatou-se vício de tempo longo do sexo de + 35,2% e + 36,9% (P<0,05, respectivamente, para o ganho de peso diário de cordeiros do nascimento ao desmame e pós desmame em confinamento. A suplementação das crias em alimentador privativo e a antecipação da idade de desmame reduzem o intervalo entre partos e período de serviço de ovelhas deslanadas em pastagem de Brachiaria humidícula. O sexo da cria é fonte de variação na análise da eficiência reprodutiva de matrizes ovinas e no ganho de peso de cordeiros mestiços da raça Santa Inês do nascimento ao desmame e ap

  3. La sociologie clinique entre psychanalyse et socioanalyse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vincent de Gaulejac

    2008-04-01

    confrontation come from the difference of their starting points: while Sigmund Freud is looking inside the psychic dimension, Pierre Bourdieu is more concerned with the interiorization of social structures. Coming from separate perspectives and approach, they still reach some common positions, and this help us defining new methodological frames inspired by both psychoanalysis and socioalanysis.La sociología clínica entre psicoanálisis sociologíaLa introducción de la aproximación clínica en sociología conduce a reinterrogar las diferencias y las complementariedades entre el psicoanálisis y la sociología sobre tres puntos: la manera de aprehender la cuestión del inconsciente, el peso respectivo de las determinaciones psíquicas y sociales, el trabajo que un sujeto puede efectuar sobre su historia para modificar su curso. Estas interrogantes han sido el objeto de muchos debates. El presente artículo pone en perspectiva las posiciones de Sigmund Freud y de Pierre Bourdieu. Ambos encarnan y defienden puntos de vista teóricos que articulan una teoría del hombre en sociedad apoyada en una práctica de cambio. Confrontación interesante en la medida en que los postulados de los que parten los dos son muy distantes. Sigmund Freud busca la clave explicativa de los comportamientos humanos del lado del registro intrapsíquico, mientras que Pierre Bourdieu la indaga desde la perspectiva de la interiorización de las estructuras sociales. Aunque a partir de premisas diferentes se encuentran sobre numerosos aspectos. Esas convergencias permiten apoyarse en sus respectivas aproximaciones para definir los contornos de una metodología que se inspira tanto del psicoanálisis como del socio análisis

  4. Condiciones de trabajo, fatiga laboral y bajo peso al nacer en vendedoras ambulantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernández-Peña Patricia

    1999-01-01

    Full Text Available Objetivo. Este trabajo tipifica las condiciones demográficas, socioeconómicas, laborales, de fatiga laboral y daño reproductivo en una población femenina en edad fértil que trabaja en la venta ambulante en las calles de la Ciudad de México. Material y métodos. Se entrevistaron 426 vendedoras ambulantes. Se describió a la población entrevistada y se exploró la asociación de los componentes de la fatiga laboral con el bajo peso al nacer (BPN mediante regresión logística, en un subgrupo de mujeres que laboraron en la venta ambulante durante su última gestación. Resultados. De las mujeres entrevistadas, 56% realiza jornadas de trabajo superiores a las 48 horas semanales, 87% carece de seguridad social y 68% tiene estudios no mayores de primaria. El riesgo de presentar BPN se eleva cuando se carece de control sobre la cantidad de mercancía a vender (RM 6.5, IC95% 1.3-31, se venden artículos de ocasión como refacciones y ornamentos (RM 6.3, IC95% 1.5-26, se exhibe la mercancía sobre el piso o se carga para su venta (RM 7.7, IC95% 1.8-32, y cuando los recursos para instalar el puesto por primera vez no proceden de la red social de apoyo de la vendedora (RM 7.4, IC95% 1.2-44. Conclusiones. Estos resultados contribuyen a identificar a las vendedoras con mayor riesgo de presentar un hijo con BPN, y sugerir medidas preventivas.

  5. Efeitos agudos de diferentes métodos de treinamento com pesos sobre o gasto energético em homens treinados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ramalho Aniceto

    2013-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O treinamento com pesos vem sendo amplamente utilizado como estratégia de controle e redução ponderal, assim o gasto energético (GE contribui de forma significativa para este processo. OBJETIVO: Comparar os efeitos agudos do método circuito (MC com o método tradicional (MT sobre o GE. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa com delineamento crossover e aleatorizado, a amostra foi composta por 10 homens adultos treinados com idade entre 18 e 29 anos. Foram realizadas duas sessões experimentais com wash out de sete dias: no MC os exercícios foram realizados alternados por segmento em forma de estações, durante o MT os exercícios foram realizados em séries consecutivas. Ambos os métodos seguiram a mesma sequência de oito exercícios com o mesmo trabalho total: 60% de 1RM, 24 séries/estações e 10 repetições. O lactato sanguíneo foi coletado em repouso e a cada três séries/estações. O ar expirado foi coletado por 30 minutos antes e ~31 minutos durante todas as sessões de treinamento. O GE aeróbio de exercício (GEAE, kj e do intervalo de recuperação (GEAIR, kj foram estimados pela calorimetria indireta através da medida do consumo de oxigênio e o GE anaeróbio (GEA, kj pela concentração de lactato sanguíneo ([La]. O GE total (GET, kj foi registrado pelo somatório do GEA, GEAE e GEAIR. RESULTADOS: Os dados demonstraram que o GEA foi maior no MT do que o MC, no entanto, o GEAE, GEAIR e o GET não foram diferentes significativamente entre os métodos. O MT apresentou maior [La] do que o MC. CONCLUSÃO: Conclui-se que o MC e o MT produzem similar GET, contudo, percebe-se que o MT utiliza mais a via anaeróbia do que o MC.

  6. Rendimento do processamento de linhagens de tilápias (Oreochromis niloticus em função do peso corporal Process yield of tilapias (Oreochromis niloticus strains in function of body weight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Bruno dos Santos

    2007-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar os rendimentos do processamento de linhagens de tilápias em função dos pesos de abate, um experimento foi conduzido no setor de piscicultura da Universidade Federal de Lavras, M.G. - Brasil. Foram utilizados 93 peixes da linhagem Chitralada e 78 da Supreme, pesando entre 150 e 790 g. Os peixes foram cultivados em dois tanques de alvenaria de 40 m², sendo alimentados com ração comercial fornecida de acordo com a biomassa e a temperatura da água. A temperatura e o oxigênio da água foram tomados diariamente, no início do dia e no final da tarde, e o pH aferido semanalmente. Com o crescimento dos animais, amostras aleatórias foram tomadas. Nas amostragens, os peixes foram abatidos após terem passado por um jejum de 24 horas e insensibilização por choque térmico. Em seguida, foram pesados e dissecados. A análise de regressão indicou que em pesos mais elevados, a linhagem Chitralada apresenta maior porcentagem de cabeça e rendimento de pele. A linhagem Supreme apresentou maior peso de carcaça, filé e resíduos, sendo mais expressivos em pesos superiores a 500 g e menor valor à maturidade para a % de vísceras. Conclui-se que as duas linhagens possuem crescimento das partes componentes proporcional ao aumento do peso corporal, e este aumento não altera o rendimento desses constituintes. A linhagem Supreme apresentou maiores rendimentos de carcaça e filé do que a Chitralada, sendo a mais indicada para a produção e comercialização de filés mais pesados.With the objective of evaluating the yield processing of tilapia strains in function of body weight, an experiment was carried out at the Fish Culture of the Animal Sciences Department, Federal University of Lavras, M.G. - Brazil. A total 93 fish of the Chitralada strain and 78 of the Supreme strain, weighting between 150 and 790 g were used. The fish were cultivated in two tanks of 40 m², fed with commercial ration supplied according to the biomass

  7. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa Repeatability of the production, number and weight of fruits of selections purple surinam cherry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.This study aimed to evaluate the production, number of fruits and weight of the fruit of selections of pitanga purple, different methods for estimating their coefficients of repeatability and the minimum number of evaluations required to select them with greater reliability, under edaphoclimatic conditions of the Forest Zone of North Pernambuco State, Brazil. The method of principal components was more efficient to estimate the repeatability coefficients of production, number of fruits and weight of surinam cherry fruit. The ‘Tropicana’ cultivar (red fruit presents the highest average annual production when compared with the surinam cherry staining purple. Among the five purple surinam cherry of selections, the IPA-15.1 presents the highest

  8. Behavioral experiments in a wild passerine cause short-term reductions in parental provisioning and nestling mass Experimentos conductuales en un ave paserina silvestre causan reducciones de corto plazo en el cuidado parental y peso de pichones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    WOUTER F.D VAN DONGEN

    2009-06-01

    ógamas que son capturados durante la época reproductiva, se desconoce si el individuo restante compensa la pérdida temporal de su compañero ni si la condición o sobrevivencia de los pichones disminuye como consecuencia del cuidado parental reducido. Investigamos la influencia de experimentos de campo que remueven temporalmente un adulto sobre las visitas de aprovisionamiento y el peso de pichones en el rayadito (Aphrastura spinicauda, un furnárido con similar cuidado parental entre los sexos. Durante la ausencia de un adulto, los individuos restantes de cada pareja no aumentaron la frecuencia de aprovisionamiento. Después de su liberación, los individuos previamente ausentes no volvieron a alimentar a sus pichones por al menos 38 minutos. Esta acentuada reducción en cuidado parental por ambos adultos de la pareja afectó negativamente el peso de los pichones. Aunque el peso medio de los pichones aumentó durante el período control, los pichones no aumentaron su peso durante y después de la remoción parental. Nuestros experimentos no afectaron el éxito de los volantones. Globalmente, los experimentos causaron reducciones de corto plazo en cuidado parental y peso de pichones, pero es improbable que causen efectos de largo plazo en la sobrevivencia de los pichones.

  9. El periodista, entre el Poder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JL Dader

    2014-10-01

    Full Text Available El periodismo se debate, desde sus orígenes, entre la reproducción servil de versiones interesadas o la distorsión de propio cuño, por conocimiento insuficiente de una realidad que sólo puede entrever. Los poderes que amenazan la independencia periodística no han hecho más que crecer o aumentar su habilidad con el paso del tiempo. Surgido como ‘oficio de esclavos’ en la época romana, muchos indicadores actuales parecen retornarle al punto de partida: relaciones públicas estratégicas a gran escala, auge de los ‘spin doctors’, extorsión descarnada en las democracias más débiles y populismo de las redes sociales, entre otros. Todo ello, unido o alentado por la degradación interna y el desaliento de la propia institución periodística incapaz de distanciarse de todas esas fuerzas. Su respuesta no puede ser de alianza o competencia con los poderes que la circundan, sino de hábil distanciamiento para moverse entre todos ellos sin dejar de ejercer la vigilancia que los ciudadanos siguen necesitando de su ejercicio profesional.

  10. Variación antropométrica y nutricional en Susques y Alto Comedero entre 2002-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bejarano, Ignacio

    2007-01-01

    Full Text Available Las poblaciones humanas experimentan variaciones de los parámetros antropométricos como expresión de los cambios socioambientales. El objetivo de este trabajo fue analizar la variación temporal de talla, peso y estado nutricional en dos poblaciones jujeñas situadas a distintos niveles altitudinales. Los datos procedieron de mediciones realizadas en 2002 y 2007 en poblaciones de 6 a 17 años de Susques (3500 m y Alto Comedero (1200 m. Se calcularon las categorías nutricionales de Waterlow y las diferencias entre talla y peso y categorías nutricionales se establecieron con ANOVA y prueba de comparación de proporciones (χ2 respectivamente. Para ambas poblaciones se observaron diferencias interanuales estadísticamente significativas de los promedios de talla y peso, siendo menores en Susques en el 2007, lo contrario sucede en Alto Comedero. Las diferencias interanuales de la categorías nutricionales no fueron estadísticamente significativas en Alto Comedero, pero si en Susques para normonutridos y obesos que disminuyeron y aumentaron respectivamente entre 2002 y 2007. En el contexto de las modificaciones socioeconómicas experimentadas por la población susqueña en los últimos años, debido a su mayor conexión e integración con poblaciones vecinas por la apertura del Paso de Jama, los resultados indicarían un empeoramiento de las condiciones nutricionales de su población infanto juvenil.

  11. Validity and reliability of self-reported weight and height measures for the diagnoses of adolescent's nutritional status Validade e confiabilidade das medidas referidas de peso e estatura para o diagnóstico do estado nutricional de adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cristina Enes

    2009-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To assess the validity and reliability of self-reported height, weight, and Body Mass Index (BMI to diagnose the nutritional status of adolescents. METHODS: The study included 360 public school students of both genders, with ages ranging from 10 to 15 years. Adolescents self-reported their weight and height, and these values were later obtained directly by interviewers. The validity of BMI based on self-reported measures was calculated using sensitivity and specificity indexes, and positive predictive value (PPV. Agreement between self-reported and measured BMI was evaluated using Kappa's weight coefficient, the Lin correlation coefficient, and Bland-Altman and Lin's plots. RESULTS: Both girls and boys underestimated their weight (-1.0 girls and boys and height (girls - 1.2 and boys - 0.8 (p OBJETIVO: Avaliar a validade do peso, estatura e Índice de Massa Corporal (IMC referidos e sua confiabilidade para o diagnóstico do estado nutricional de adolescentes de Piracicaba. MÉTODOS: Participaram do estudo 360 adolescentes de ambos os sexos, de escolas públicas de Piracicaba, com idade entre 10 e 15 anos. Os adolescentes auto-relataram seu peso e estatura, sendo esses valores obtidos por medidas diretas, logo em seguida, pelos entrevistadores. A validade do IMC referido foi calculada segundo índices de sensibilidade, especificidade e valor preditivo positivo (VPP. Avaliou-se a concordância entre as categorias de IMC obtido por meio das medidas referidas e aferidas a partir do coeficiente kappa ponderado, coeficiente de correlação de Lin. e gráficos de Bland e Altman e Lin. RESULTADOS: Verificou-se que tanto os meninos quanto as meninas subestimaram o peso (-1,0 meninas e meninos e a estatura (meninas -1,2 e meninos -0,8 (p < 0,001. Os valores de IMC aferidos e referidos apresentaram uma concordância moderada. A sensibilidade do IMC referido para classificar os indivíduos obesos foi maior para os meninos (87,5%, enquanto a

  12. Relación entre el receptor de la favina y la galactosil uridil transferasa de la membrana de eritrocitos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Inés Silva

    2010-07-01

    Full Text Available La extracción y purificación de un receptor de la favina fue realizada a partir de la membrana de eritrocitos, empleando para ello básicamente la cromatografía de intercambio iónico sobre DEAE-celulosa con miras a establecer su relación con la actividad de la Galactosa 1-fosfato Uridil Transferasa (EC 2.7.7.12, OUT. Se obtuvo una proteína con un alto grado de pureza (determinada por electroforesis sobre poliacrilamida en ausencia y presencia de SDS que presenta un peso molecular de 58.000 daltons y otra fracción que también interacttía con la favina y que contiene por lo menos seis proteínas de pesos moleculares entre 23.000 y 71.000 daltons. La fracción cromatográfica que contiene la proteína de 58.000 daltons presenta actividad de OUT, sin embargo esta actividad es inestable y se pierde después de mantener la muestra a 4'C durante 24 horas. De acuerdo a nuestros resultados, la dos actividades (receptor y actividad enzimática no interfieren entre si a pesar de encontrarse sobre la misma fracción proteica.

  13. Características morfométricas, rendimentos de carcaça, filé, vísceras e resíduos em tilápias-do-nilo em diferentes faixas de peso Morphometric characteristics, carcass, filet, viscera and residues in different weight categories of the Nile tilapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fredson Vieira e Silva

    2009-08-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito do peso sobre as relações das medidas de comprimento padrão de tilápias-do-nilo (Oreochromis niloticus. Avaliaram-se as medidas: comprimento da cabeça; altura do corpo, medida à frente do 1° raio das nadadeiras peitoral, dorsal, anal e caudal; largura do corpo, medida à frente da inserção do 1º raio das nadadeiras peitoral, dorsal e anal; perímetro, medido à frente da inserção do 1° raio das nadadeiras peitoral, dorsal e anal; e menor circunferência do pedúnculo; e os rendimentos de carcaça, filé, cabeça, nadadeira, pele, vísceras e resíduos. Foram utilizados 80 tilápias, em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (faixas de peso 250 a 300 g; 350 a 400 g; 450 a 500 g, 550 a 600 g e 20 repetições, considerando o peixe a unidade experimental. As menores variações nas características morfométricas foram observadas na faixa de peso de 450 a 600 g em comparação à faixa de 250 a 400 g. Nas faixas de peso 250 a 300 g, 350 a 400 g, 450 a 500 g e 550 a 600 g, não houve diferenças nos rendimentos de carcaça e filé e nas porcentagens de cabeça, nadadeira, pele e resíduos. A porcentagem de vísceras na faixa de peso 550 a 600 g (10,98% foi significativamente inferior à obtida nas faixas de 250 a 300 g (12,77%, 350 a 400 g (13,26% e 450 a 500 g (12,69%. O peso do filé na faixa de peso 350 a 400 g (260,50 g foi superior ao da faixa de 250 a 300 g (239,95 g. Não houve diferença no peso do filé entre as faixas de peso 450 a 500 g (284,20 g e 550 a 600 g (292,80 g. As faixas de peso de 450 a 500 g e 550 a 600 g apresentaram valores superiores de peso do filé em comparação às de 250 a 300 g e 350 a 400 g. Considerando o peso do filé, o peso ideal de abate da tilápia é de 450 a 500 g no intervalo de peso de 250 a 600 g.The objective of this study was to evaluate the effect of weight categories on the relation of the measures of standard length

  14. Effets Josephson generalises entre antiferroaimants et entre supraconducteurs antiferromagnetiques

    Science.gov (United States)

    Chasse, Dominique

    L'effet Josephson est generalement presente comme le resultat de l'effet tunnel coherent de paires de Cooper a travers une jonction tunnel entre deux supraconducteurs, mais il est possible de l'expliquer dans un contexte plus general. Par exemple, Esposito & al. ont recemment demontre que l'effet Josephson DC peut etre decrit a l'aide du boson pseudo-Goldstone de deux systemes couples brisant chacun la symetrie abelienne U(1). Puisque cette description se generalise de facon naturelle a des brisures de symetries continues non-abeliennes, l'equivalent de l'effet Josephson devrait donc exister pour des types d'ordre a longue portee differents de la supraconductivite. Le cas de deux ferroaimants itinerants (brisure de symetrie 0(3)) couples a travers une jonction tunnel a deja ete traite dans la litterature Afin de mettre en evidence la generalite du phenomene et dans le but de faire des predictions a partir d'un modele realiste, nous etudions le cas d'une jonction tunnel entre deux antiferroaimants itinerants. En adoptant une approche Similaire a celle d'Ambegaokar & Baratoff pour une jonction Josephson, nous trouvons un courant d'aimantation alternee a travers la jonction qui est proportionnel a sG x sD ou fG et sD sont les vecteurs de Neel de part et d'autre de la jonction. La fonction sinus caracteristique du courant Josephson standard est donc remplacee.ici par un produit vectoriel. Nous montrons que, d'un point de vue microscopique, ce phenomene resulte de l'effet tunnel coherent de paires particule-trou de spin 1 et de vecteur d'onde net egal au vecteur d'onde antiferromagnetique Q. Nous trouvons egalement la dependance en temperature de l'analogue du courant critique. En presence d'un champ magnetique externe, nous obtenons l'analogue de l'effet Josephson AC et la description complete que nous en donnons s'applique aussi au cas d'une jonction tunnel entre ferroaimants (dans ce dernier cas, les traitements anterieurs de cet effet AC s'averent incomplets). Nous

  15. Índice de massa corporal de adolescentes: comparação entre diferentes referências Índice de masa corporal de adolescentes: comparación entre distintas referencias Body mass index of adolescents: comparison among different references

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula G. Clemente

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desempenho das referências (National Health and Nutrition Examination Survey I, National Center for Health Statistics/2000, International Obesity Task Force e Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição para avaliação do estado nutricional de crianças e adolescentes à nova curva de valores de índice de massa corporal, proposta pela Organização Mundial da Saúde em 2007. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, cuja população foi constituída por uma amostra não probabilística, com 5.122 crianças e adolescentes de baixa renda. Foi realizado o cálculo do tamanho amostral visando identificar a associação entre alteração na pressão arterial e baixa estatura nos diferentes estados nutricionais. Compararam-se as diferentes referências para avaliação do estado nutricional. Foram aplicados os testes Q de Cochran, McNemar, qui-quadrado e índice Kappa para comparar as proporções e a concordância da classificação de baixo peso e excesso de peso com as diferentes referências. RESULTADOS: As cinco referências utilizadas no presente estudo apresentaram diferenças entre si. Tanto para meninos como para meninas, as prevalências estimadas de baixo peso pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição foram bem menores que as outras referências. Quanto à prevalência de excesso de peso para os meninos, esta foi maior pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição. Encontrou-se concordância excelente (k>0,75 entre a maioria das classificações para excesso de peso analisadas. Porém, a concordância entre as classificações para baixo peso apresentou-se fraca (kOBJETIVO: Comparar el desempeño de las referencias (NHA-NES I, NCHS/2000, IOTF y PNSN para la evaluación del estado nutricional de niños y adolescentes con la nueva curva de valores del IMC, propuesta por la OMS en 2007. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal cuya pobla-ción fue constituida por una

  16. Prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliação do consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Yhang da Costa Silva

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar a prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliar o consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, de caráter transversal, realizado com pacientes com IMC igual ou superior a 25Kg/m2, pertencentes à faixa etária de 20 a 59 anos, atendidos nas duas Unidades de Saúde da Família do centro da cidade de Quixeré-CE. A amostra consistiu de 100 pessoas. Foi realizada uma entrevista para triagem da compulsão alimentar periódica. Os participantes responderam a um questionário sobre aspectos socioeconômicos, foram submetidos a uma avaliação antropométrica (peso, altura e a ingestão alimentar foi avaliada com base em dois recordatórios alimentares. Resultados: Entre os entrevistados, 3% foram diagnosticados com CAP grave, 20% com CAP moderada e 77% não tinham Compulsão Alimentar Periódica. Pacientes com graus mais elevados de CAP apresentaram-se com maior excesso ponderal (p=0,03. Os entrevistados com a compulsão moderada e grave, em comparação àqueles sem CAP, mostraram ter um consumo alimentar maior e em desequilíbrio, em se tratando de qualidade de consumo alimentar, para calorias e fibras (p=0,000 e p=0,047, respectivamente. Conclusão: Um terço dos participantes apresentou algum grau de compulsão alimentar, relacionado com alteração de estado nutricional, destacando que os participantes com compulsão alimentar periódica moderada e grave apresentaram um padrão alimentar com mais calorias e menos fibra.

  17. Evaluación de la tasa de consumo de oxígeno de Colossoma macropomum en relación al peso corporal y temperatura del agua

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dennis Tomalá

    2014-11-01

    Full Text Available Colossoma macropomum es una especie de la región amazónica perteneciente a la familia Characidae, la de mayor diversidad de peces de agua dulce. A nivel de laboratorio, se determinó la tasa de consumo de oxígeno (CO en metabolismo de rutina de C. macropomum a diferentes pesos corporales: 40, 60, 90, 140 y 250 g (expresados por unidad de masa corporal y temperatura del agua de 21, 26 y 31°C. El experimento se diseñó completamente al azar en arreglo factorial (5x3x3, utilizando un respirómetro de 20 L y una bomba de recirculación de agua. Las mediciones del CO fueron realizadas cada 5 min mediante el uso de un oxímetro digital. Los resultados indican que el CO mantiene relación directa con la temperatura del agua e inversa con el peso corporal de los organismos (P < 0,05. Las regresiones entre las variables independientes y el CO se ajustaron a ecuaciones potenciales: CO = 2844,9 P-0,734, CO = 2555,9 P-0,624 y CO = 1945,4 P-0,507 a 21, 26 y 31°C respectivamente; donde P se expresa en kg, obteniéndose altos coeficientes de correlación y determinación. La ecuación resultante del análisis multivariado de regresión lineal múltiple fue: CO = 4,839 - (0,708* P + (9,106* T. Los resultados ofrecen información para estimar la capacidad de un ambiente acuícola en base a la demanda de oxígeno de C. macropomum, aportando al desarrollo de una acuicultura con mayor sustento técnico.

  18. EFEITO DO USO DE AUTOLIZADO DE CERVEJA NO GANHO DE PESO DE BEZERROS DA RAÇA GIR INFLUENCE OF UTILIZED BEER YEAST IN WEIGHT INCREASE OF GIR CALVES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roulien Fontes

    2007-09-01

    Full Text Available

    O presente trabalho trata do estudo da influência da ingestão do autolizado de fermento de cerveja no ganho de peso de bezerros da Raça Gir. O autolizado de fermento de cerveja é um sub-produto da fabricação de cerveja e apresenta-se rico em aminoácidos, vitaminas e minerais. No experimento foram utilizados 32 bezerros da Raça Gir, machos e fêmeas, distribuídos em blocos casualizados que receberam quatro níveis do dosagens diárias (0; 1; 2 e 3 kg do produto. Após 196 dias de experimento concluiu-se que existe relação significativa entre o ganho de peso e a suplementação com o autolizado e que a dosagem/dia mais adequada é de 1 kg.

    The purpose of this paper is to study the influence of autolyzed beer yeast in the increase weight of Gir calves. The autolyzed beer yeast is a by-product of beer brewing. It is rich ix aminoacids, vitamins and minerals. In the experiment there were 32 Gir calves, male and female, divided into aleatory groups, receiving 4 different revels of daily portions (0; 1; 2 and 3kg of the beer yeast. After 196 days of testing, a significant relationship between the increase of weight and the use of autolyzed beer yeast was observed. The amimals must recieve 1 kg of beer yeast daily.

  19. La paridad cambiaria dólar/peso en la liquidez y rentabilidad de las MiPyMEs del sector de Confecciones en la ciudad de Cúcuta, años 2005-2008.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliana Marcela Bastos Osorio

    2013-03-01

    Full Text Available En este artículo se presentan los resultados de una investigación, de un proyecto de grado de la maestría en Gerencia de Empresas de la Universidad Experimental del Táchira (Venezuela, cuyo objetivo general fue determinar la relación de la paridad cambiaria dólar/peso en la liquidez y rentabilidad de las MIPYMES del sector de las confecciones en la ciudad de Cúcuta (2005-2008. Esta investigación fue de carácter descriptivo y correlacional, teniendo en cuenta datos contables, financieros y teorías financieras, las cuales permitieron determinar indicadores financieros que arrojaron los siguientes resultados: se presenta un proceso de revaluación del peso colombiano frente al dólar; se observa una aparente liquidez sustentada en altos inventarios; y la rentabilidad del sector es variable en los años de estudio y con tendencia a la disminución. Según la regresión lineal, aplicada entre estas variables, el comportamiento de la tasa de cambio del dólar solo afecta por el lado de la liquidez al indicador de la productividad del capital de trabajo; mientras que por el lado de la rentabilidad existen dos indicadores que presentan un alto grado de correlación con la tasa promedio del dólar. Para ello, se propone dos pasos para la ayuda al sector: una primera etapa es la realización de un diagnóstico del  mismo sector que contemple aspectos mesoeconómicos y financieros; y una segunda etapa es la creación de una asociación gremial de las MiPyMEs del sector de confecciones de Cúcuta.

  20. Weight and height prediction of immobilized patients Estimativa de peso e altura de pacientes hospitalizados e imobilizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estela Iraci Rabito

    2006-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To confirm the adequacy of the formula suggested in the literature and/or to develop appropriate equations for the Brazilian population of immobilized patients based on simple anthropometric measurements. METHODS: Hospitalized patients were submitted to anthropometry and methods to estimate weight and height of bedridden patients were developed by multiple linear regression. RESULTS: Three hundred sixty eight persons were evaluated at two hospital centers and five weight-predicting and two height-predicting equations were developed from the measurements obtained. Among the new equations developed, the simplest one for weight estimate was: Weight (kg = 0.5759 x (arm circumference, cm + 0.5263 x (abdominal circumference, cm + 1.2452 x (calf circumference, cm -4.8689 x (Sex, male = 1 and female = 2 -32.9241 (r = 0.94; and the one for height estimate was: Height (cm = 58.6940 - 2.9740 x (Sex -0.0736 x (age, years + 0.4958 x (arm length, cm + 1.1320 x (half- span, cm (r = 0.88. The estimates thus calculated did not differ significantly from actual measurements, with p = 0.94 and 0.89 and a mean error of 6.0 and 2.1% for weight and height, respectively. CONCLUSION: We suggest that these equations can be used to estimate the weight and height of bedridden patients when necessary or when these parameters cannot be measured with a scale and a stadiometer.OBJETIVO: Verificar a adequação das fórmulas sugeridas na literatura, e desenvolver equações preditivas de peso e altura para a população hospitalizada brasileira, a partir de medidas antropométricas usuais. MÉTODOS: Realizou-se antropometria e bioimpedância de pacientes hospitalizados. Por meio de regressão linear múltipla, desenvolveram-se fórmulas com o objetivo de prever o peso e a altura. Os resultados foram comparados com os obtidos de fórmulas da literatura e com as medidas reais. RESULTADOS: Foram avaliadas 368 pacientes e desenvolvidas equações preditivas do peso e da

  1. Características de carcaça de bovinos Nelore e Caracu selecionados para peso aos 378 dias de idade recebendo alimentação restrita ou à vontade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gesualdi Júnior Antonio

    2006-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se as características de carcaça de bovinos machos não-castrados de três grupos genéticos submetidos a dois planos de alimentação, em confinamento. Utilizaram-se 56 bovinos com idade média de 18 meses. Doze animais foram abatidos no início do experimento e os demais (16 Nelore selecionados, 12 Nelore não-selecionados e 16 Caracu selecionados, com peso vivo médio inicial de 404, 345 e 434 kg, respectivamente, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3, composto por dois níveis de alimentação (restrição alimentar: fornecimento de 65 g de MS/kgPV0,75 por dia e ad libitum: oferta do alimento duas vezes ao dia e três grupos genéticos. A dieta foi formulada com silagem de milho como volumoso e apresentou relação volumoso:concentrado 50:50. O abate foi realizado quando os animais atingiram 4 mm de gordura subcutânea, medida por ultra-som. Observou-se efeito da interação nível de alimentação x grupo genético somente sobre a porcentagem de tecido ósseo. O peso e a profundidade da carcaça e os pesos dos cortes dianteiro e traseiro não diferiram entre os grupos selecionados e foram superiores aos dos animais Nelore não-selecionados. O plano ad libitum proporcionou maior rendimento do traseiro. O rendimento de carcaça não sofreu influência da alimentação e, juntamente com a porcentagem do traseiro, foram maiores para os zebuínos. A espessura de gordura subcutânea real e a porcentagem de tecido adiposo foram maiores para os Nelore não-selecionados, enquanto a área de olho-de-lombo e a porcentagem de tecido muscular foram maiores nos bovinos Caracu.

  2. Anemia entre pre-escolares - um problema de saude publica em Belo Horizonte, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais de Souza Chaves de Oliveira

    2014-01-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo determinar a prevalência de anemia em crianças matriculadas em creches da regional Centro-Sul de Belo Horizonte (MG, identificando fatores biológicos e socioeconômicos associados. Estudo transversal descritivo realizado em 18 creches. Foram avaliadas 373 crianças com base em amostragem estratificada por instituição participante. A hemoglobina (Hb sérica foi determinada por punção capilar e leitura em β-hemoglobinômetro, adotando-se pontos de corte para anemia de Hb < 11,0g/dL para crianças de seis a 60 meses e Hb < 11,5g/dL para aquelas com idade superior, preconizados pela OMS. O estado nutricional foi definido por aferição do peso e altura e confecção dos índices Peso/Idade (P/I, Estatura/Idade (E/I e IMC/Idade (IMC/I. Entre os participantes 54% eram meninas. A média de idade foi de 38,1 ± 6,2 meses. A prevalência global de anemia foi de 38,3%, sendo superior nas crianças com idade inferior ou igual a 24 meses (56,1%. Encontrou-se associação significativa entre anemia e os fatores menor idade da criança, menor idade materna e baixa renda familiar. O estudo mostrou que anemia em crianças de creches de Belo Horizonte constitui relevante problema de saúde pública, sinalizando a necessidade de se implantar ações específicas para mitigação dos riscos por ele apontados.

  3. Variabilidade e correlações entre caracteres agronômicos em caupi (Vigna unguiculata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lopes Ângela Celis de Almeida

    2001-01-01

    Full Text Available O caupi (Vigna unguiculata (L. Walp é um alimento básico das populações do Nordeste brasileiro, devendo merecer atenção com vistas a melhoria da qualidade de grãos, resistência a doenças e pragas e aumento de produtividade. Este trabalho teve por objetivo estudar a variabilidade e o potencial genético de 28 linhagens, escolhidas após uma seleção para cor, tamanho de grãos e resistência a viroses. A produtividade apresentou coeficiente de variação genético de 23,90%, e o valor agronômico, de 3,56%. O número de vagens por pedúnculo apresentou a menor estimativa do coeficiente de determinação genético (4,51%, e o peso de 100 grãos, a maior (81,74%. O coeficiente de determinação genético da produtividade foi de 34,15%. As maiores estimativas de ganho genético foram as do peso de 100 grãos (21,73% e da produtividade (19,77%. As correlações genotípicas foram superiores às fenotípicas e às de ambiente, destacando-se as correlações entre número de ramos secundários e produtividade (68,13%, e valor agronômico e produtividade (100%. Estes resultados mostram amplas possibilidades de seleção entre as linhagens com relação à maioria dos caracteres estudados.

  4. Excesso de peso e gordura abdominal para a síndrome metabólica em nipo-brasileiros Weight excess and abdominal fat in the metabolic syndrome among Japanese-Brazilians

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel D G Lerario

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: A obesidade, especialmente de distribuição abdominal, associa-se a fatores de risco cardiovasculares como a dislipidemia, a hipertensão arterial (HA e o diabetes mellitus (DM. A importância desses fatores em nipo-brasileiros foi previamente demonstrada, apesar de a obesidade não ser característica marcante dos migrantes japoneses. Realizou-se estudo com o objetivo de avaliar a prevalência de excesso de peso e a adiposidade central (AC em nipo-brasileiros e suas relações com distúrbios metabólicos. MÉTODOS: A amostra incluiu 530 nipo-brasileiros (40-79 anos de primeira e segunda gerações, submetidos a medidas antropométricas de pressão arterial, perfil lipídico e teste oral de tolerância à glicose. A prevalência (por ponto e intervalo de confiança de excesso de peso foi calculada pelo valor de corte >26,4 kg/m². O diagnóstico de AC foi baseado na razão entre as circunferências da cintura e do quadril (RCQ, sendo que valores > ou = 0,85 e > ou = 0,95, para mulheres e homens, respectivamente, firmavam esse diagnóstico. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 22,4% (IC95%-- 20,6-28,1, e a de AC, de 67,0% (IC95% -- 63,1-70,9. Além de maiores prevalências de DM, HA e dislipidemia, estratificando-se pelo índice de massa corporal (IMC e RCQ, indivíduos com excesso de peso e adiposidade central apresentaram pior perfil metabólico: a pressão arterial foi significantemente maior naqueles com excesso de peso, sem e com AC; indivíduos com AC apresentaram maiores índices de glicemia, triglicerídeos, colesterol total e LDL e menor HDL quando comparados aos sem excesso de peso e sem AC; a insulinemia de jejum foi significantemente maior em indivíduos com excesso de peso (sem e com AC do que naqueles sem excesso de peso e sem AC. CONCLUSÃO: A comparação de subgrupos com e sem adiposidade central foi compatível com a hipótese de que a deposição abdominal de gordura representa fator de risco para

  5. NON LINEAR GROWTH CURVES FOR WEIGHT AND HEIGHT IN FOUR GENETIC GROUPS OF HORSES CURVAS DE CRESCIMENTO NÃO-LINEARES PARA PESO E ALTURA EM QUATRO GRUPOS GENÉTICOS DE CAVALOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Concepta Margaret McManus

    2010-04-01

    1.445 cavalos. Estimaram-se curvas de crescimento gerais usando os modelos de Gompertz, Brody, Logistic, Weibull e Richards, segundo o procedimento PROC NLIN do programa SAS ®. A curva de Richards não convergiu para peso nem altura para nenhum dos grupos ou sexos avaliados. A curva logística não convergiu para os pesos, enquanto o modelo de Gompertz não convergiu para altura em vários grupos. R2 variou entre 0,55 para peso em fêmeas mestiças até 0,92 em machos do mesmo grupo. Para altura, o maior R2 (0,66 foi para machos Hanovarianos e o menor para fêmeas da mesma raça (0,12. Em geral, as várias curvas estimaram a mesma altura e peso adulto, exceto a curva logística, que teve o menor R2 e mais alto erro dentro de cada grupo. Resultados para as curvas de Weibull e Brody foram similares em todos os casos. A curva de Brody foi selecionada como a melhor, porque possui menos parâmetros. A curva de Gompertz teve a tendência de subestimar pesos e alturas adultos. Estimativas para ambos as características foram mais altas em machos que fêmeas. No maior parte dos casos, o parâmetro b levou em consideração menos que 0,0001%  da variação em forma da curva. Os parâmetros k, indicando maturidade, foram de magnitude similar para as curvas de Brody, Gompertz e Weibull, para altura e peso dentro de raça, o que indicou pouca diferença entre machos e fêmeas para taxa de maturação entre sexos.

    PALAVRAS-CHAVES: Brody, Gompertz, Logistic, Richards, Weibull.

  6. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kac Gilberto

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.

  7. Comportamento do peso do coração e do corpo em chagásicos crônicos com e sem "megas"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hipólito de Oliveira Almeida

    1980-12-01

    Full Text Available O peso do coração é menor nos chagásicos com "megas" do que nos falecidos subitamente ou em I.C.C., sendo, porém, maior que nos controles. Já o peso corporal ésemelhante nos chagásicos falecidos subitamente e nos controles, havendo redução moderada no grupo com I.C.C., e rtiais acentuada nos chagásicos com "megas" (redução de 20% em relação aos controles. A relação percentual peso cardíaco/peso corporal é de 1,1% no grupo com I.C.C.; 0,71% no grupo de morte súbita; 0,77% no grupo com "megas"; 0,49% no grupo controle e 0,60% ne grupo de doenças caquetizantes. Com base nas médias dos pesos cardíacos e corporal dos grupos controle, de doenças caquetizantes e de megas, calculou-se que o emagrecimento ocorrido nos megas reduziria o peso cardíaco médio de apenas 6,8%.

  8. Influência da ingestão de biomassas de spirulina (Arthrospira sp. sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Kátia Gomes de Lima

    2003-01-01

    Full Text Available Neste trabalho verificou-se a influência do consumo de biomassas provenientes de três diferentes origens sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos Wistar, machos e adultos. Grupos que consumiram 5% ou 10% (p/p da biomassa foram comparados com um controle. A biomassa I não promoveu diferença significativa no consumo de ração ou peso corporal dos três grupos. A biomassa II não causou diferença significativa no peso corporal, mas sim no consumo de ração. A biomassa III não causou diferença significativa no consumo de ração, nem no peso corporal, mas houve tendência de maior ganho de peso para o grupo que consumiu a ração contendo 10% de spirulina. Os resultados obtidos indicam que diferentes biomassas podem apresentar diferentes propriedades, mas não confirmam a alegação de que a spirulina pode levar a diminuição de peso ou de consumo de alimento.

  9. Actividad física durante embarazo, su relación con la edad gestacional materna y el peso de nacimiento. (Physical activity during pregnancy, its relationship to gestational age y birth weight.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruben Barakat Carballo

    2010-07-01

    Full Text Available ResumenHistóricamente la relación entre la actividad física y el embarazo no ha estado completamente clara. La gran cantidad de estudios científicos no han producido suficientes hallazgos que otorguen información clara y concreta sobre la dosis adecuada de ejercicio durante la gestación. El presente trabajo pretende conocer la relación entre los hábitos de actividad física durante el embarazo y la edad gestacional materna al momento del parto, así como el peso del recién nacido. Se ha utilizado un estudio de tipo transversal, de casos y controles, retrospectivo, 473 mujeres del área de Madrid han sido entrevistadas, edad entre 17 y 41 años, (media= 31,9±4. Todas ellas caucásicas y de origen hispano. Nuestros resultados muestran en el grupo de casos una edad gestacional similar (273±9,1 días al de control (278±9,5, y recién nacidos con pesos inferiores (3171±443 que las que no desarrollan ningún tipo de actividad física regular o programada (3289±583 (p=0,01. El ejercicio físico desarrollado durante el embarazo reduce aparentemente el peso del recién nacido y no tiene influencia en la edad gestacional materna.AbstractHistorically the relationship between physical activity and pregnancy has not been totally clear. Despite the large number of scientific studies carried out, the appropriate amount of exercise during pregnancy is still not clarified and the question remains open. The aim of the present study was to understand the relationship between the physical activity habits during pregnancy and the maternal gestational age at the moment of the childbirth, as well as the weight of the newborn. A transversal study type has been used, involving two groups of cases and control, retrospective, and 473 women of the city of Madrid (age between 17 y 41 - mean= 31,9±4 have been interviewed. All of them were Caucasian y with Hispanic origin. According to our results, the cases group shows a similar gestational age (273±9,1 days

  10. Arranjos para efeitos fixos e estruturas de (covariâncias residuais para análises de medidas repetidas do peso de bovinos da raça Canchim Fixed effects arrays and residual covariance structures to analyze sequential weights of Canchim beef cattle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Luiz Buranelo Toral

    2006-10-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de selecionar o arranjo para efeitos fixos e a estrutura de (covariância residual que melhor representam a variabilidade dos pesos dentro do rebanho e dentro dos indivíduos, considerando-se dados de pesos de bovinos analisados como medidas repetidas. Foram utilizados dados de peso de 3.690 bovinos Canchim, obtidos ao nascimento, à desmama, aos 12 e aos 18 meses de idade. Analisaram-se diferentes arranjos para os efeitos fixos (grupos de contemporâneos e/ou efeitos principais de ano, mês ou época de nascimento e sexo do bezerro e diferentes estruturas de (covariâncias para os resíduos, considerando-se ou não alteração da variância residual ao longo da vida do animal e alteração da correlação entre as medidas tomadas em intervalos diferentes. Os resultados indicaram que o arranjo mais adequado dos efeitos fixos para representar a variabilidade dos pesos dos animais dentro do rebanho foi o grupo de contemporâneos formado por ano, mês e sexo do bezerro e que as melhores estruturas de (covariâncias residuais foram a Fator Analítico de Primeira Ordem e a Não Estruturada, que consideram o aumento das variâncias com o aumento da idade do indivíduo e as correlações diferentes para cada par de medidas de peso.The aim of this work was to evaluate arrays of fixed effects and residual covariance structures that best fit the herd and the animal variability to weights at birth, weaning, twelve and eighteen months of 3,690 Canchim animals. Different arrays of fixed effects (contemporary groups and, or the main effects of year, month or season of birth and sex and different residual covariance structures (considering or not change of variance and of correlation between weights at different ages were studied. The results indicated that the most adequate array of fixed effects to fit herd variability was the contemporary group of year, month and sex. The best residual covariance structures were

  11. ASSOCIAÇÃO ENTRE O EQUILÍBRIO POSTURAL E INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS EM ESCOLARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Lara

    2017-11-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Analisar a associação entre o equilíbrio postural e indicadores antropométricos em escolares do primeiro ano do ensino fundamental. Métodos: Estudo transversal, descritivo e quantitativo que incluiu crianças regularmente matriculadas no primeiro ano do ensino fundamental, de ambos os sexos, na faixa etária de 6 a 7 anos. Foram excluídas as crianças com qualquer incapacidade física ou cognitiva, as que não participaram de todas as etapas de avaliação do estudo ou as que não conseguiram realizar a avaliação do equilíbrio postural. As crianças realizaram uma avaliação do equilíbrio por meio da posturografia dinâmica computadorizada (PDC, por meio dos testes de organização sensorial (TOSs em seis diferentes condições sensoriais. Para verificar os indicadores antropométricos, foram avaliadas as medidas de peso corporal e estatura, para posterior cálculo do índice de massa corporal (IMC, sendo este categorizado em quatro grupos: baixo peso, normal, sobrepeso e obesidade. Resultados: Foram incluídas 80 crianças (6,2±0,8 anos, sendo 47 meninas (58,8%. A análise dos indicadores antropométricos identificou 26,3% de escolares com sobrepeso e 15% com obesidade. As crianças apresentaram médias abaixo dos valores de referência considerados para sua faixa etária nas condições III e VI. Foi verificada associação negativa entre a condição V com o IMC e uma associação positiva entre os valores abaixo da normalidade na condição VI com o sobrepeso e a obesidade. Conclusões: Foram verificadas associações entre o excesso de peso corporal e valores abaixo da normalidade em algumas condições do equilíbrio, indicando que os indicadores antropométricos interferiram no equilíbrio postural das crianças.

  12. ASSOCIAÇÃO ENTRE PRESSÃO ARTERIAL E ESTADO NUTRICIONAL EM ESCOLARES BRASILEIROS DE MUNICÍPIO DE MÉDIO PORTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bandeira Da Silva-Lima

    2015-04-01

    Full Text Available A predominância do excesso de peso e obesidade na infância e na adolescência cresce drasticamente e representa um problema de saúde pública, tendo atingido já proporções epidêmicas em países desenvolvidos e em desenvolvimento (WHO, 2011. Quando observadas entre crianças e adolescentes com excesso de peso, as prevalências de pressão arterial (PA elevadas podem apresentar valores de duas a seis vezes maiores do que aquelas encontradas em crianças e adolescentes eutróficos, com variações entre 28,7% e 46,4%, respectivamente, para o sobrepeso e a obesidade (GOMES, ALVES, 2006; COSTANZI et al., 2009.Considerando esses aspectos, o presente estudo objetivou verificar a prevalência de pressão arterial elevada em escolares de 10 a 19 anos, bem como os fatores associados.Objetivo: Analisar a associação entre pressão arterial e estado nutricional em adolescentes de um município de médio porte, Estado do Paraná – Brasil..

  13. Mecanismos de repartición de recursos entre dos especies de colibríes (Coeligena prunellei - Doryfera ludoviciae en la reserva biológica Cachalú, Santander, colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Camilo Sandoval Parra

    2007-01-01

    uso de los tres estratos del bosque. Se hallaron diferencias significativas entre las medidas morfométricas del culmen expuesto, la longitud de la cuerda alar, la cola y el peso; mientras que no se encontraron diferencias entre las medidas de culmen total comisura y tarso. Los recursos florales estuvieron concentrados en el interior del bosque, con seis especies vegetales (Palicourea sp., Tillandsia sp., Guzmania sp. y Gesneriaceae entre otras, mientras que en el rastrojo solo encontramos tres (Macleania sp., Cavendishia sp., y Centropogon sp.. En las cargas de polen contamos 4.890 granos, entre los que identifique seis palinomorfos que correspondieron a Ericaceas, Campanulaceas, Onagraceas y Bromeliaceas. Los granos de polen fueron transportados en orden de proporción en la frente, en la garganta y en el pico.

  14. Lesao nasal precoce pelo uso da pronga nasal em recem-nascidos prematuros de muito baixo peso: estudo piloto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathalie Tiemi Ota

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar, em recém-nascidos de muito baixo peso e com indicação de ventilação não invasiva via pronga nasal, a incidência do aparecimento precoce de lesão nasal. MÉTODOS: Série de casos prospectiva de nascidos com idade gestacional <37 semanas, peso <1.500g e idade pós-natal <29 dias. Os pacientes foram avaliados desde a instalação da pronga nasal até o 3o dia de uso, três vezes ao dia. Foram analisadas as condições clínicas dos pacientes, características do dispositivo e de sua aplicação. A análise inicial foi descritiva, verificando-se a prevalência de lesão nasal bem como os fatores a ela associados. Os dados categóricos foram analisados por qui-quadrado ou exato de Fisher e os dados numéricos, por teste t ou Mann-Whitney. RESULTADOS: Dezoito recém-nascidos foram incluídos, dos quais 12 (idade gestacional de 29,8±3,1 semanas, peso ao nascer de 1.070±194g e Score for Neonatal Acute Phisiology - Perinatal Extension (SNAPPE de 15,4±17,5 evoluíram com lesão nasal (Grupo Lesão e 6 (idade gestacional de 28,0±1,9 semanas, peso de 1.003±317g e SNAPPE de 26,2±7,5 não apresentaram lesão nasal (Grupo Sem Lesão. No Grupo Lesão, houve maior frequência