WorldWideScience

Sample records for em substrato fertilizado

  1. Produção de mudas de pimenteira-do-reino em substrato comercial fertilizado com adubo de liberação lenta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Lopes Serrano

    2012-08-01

    Full Text Available As doenças provocadas por patógenos de solo vêm causando sérios prejuízos pipericultura nacional, em consequência da morte prematura das plantas. Em razão disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de três genótipos de pimenteira-do-reino, em substrato comercial isento de solo, e determinar as doses adequadas de adubo de liberação lenta, para cada genótipo, nesse substrato. Foram produzidas mudas clonais dos genótipos 'Guajarina', 'Iaçará' e 'Cingapura', em substrato comercial composto por casca de pínus e vermiculita. Ao substrato, foram misturadas cinco doses de adubo de liberação lenta, fórmula NPK 15-09-12: 0,0; 2,5; 5,0; 7,5 e 10 kg m-3. Aos 120 dias após a repicagem, os resultados mostraram que houve diferenças de crescimento entre os genótipos para todas as características avaliadas, com exceção de altura de plantas. Houve efeito das doses do adubo para todas as características avaliadas, porém a interação entre genótipos e doses do adubo foi constatada somente para o número de folhas e massas de matérias secas do sistema radicular e total. As mudas de 'Guajarina' foram as que obtiveram maior massa de matéria seca total, enquanto as de 'Cingapura' obtiveram o menor valor. As doses do adubo que proporcionaram os valores máximos de massa de matéria seca total das mudas foram 4,4 kg m-3 para 'Guajarina'; 6,4 kg m-3 para 'Iaçará' e 5,3 kg m-3 para 'Cingapura'.

  2. Parâmetros morfológicos de mudas de Sesbania virgata (Caz. Pers e de Anadenanthera peregrina (L. cultivadas em substrato fertilizado com composto de lixo urbano Morphological parameters of Sesbania virgata (CAZ. Pers and Anadenanthera peregrina (L. seedlings cultivated in substrate fertilized with urban waste compost

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaela Simão Abrahão Nóbrega

    2008-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito do composto de lixo urbano nos parâmetros morfológicos de mudas de sesbânia e de angico. Os substratos de cultivo tiveram as seguintes proporções de composto e de amostras de subsolo de Neossolo Quartzarênico ou de Latossolo Vermelho-Amarelo (%: 0:100; 20:80; 40:60; 60:40 e 80:20, sem a utilização de fertilização mineral. As sementes de sesbânia foram inoculadas com a estirpe recomendada BR 5401. Os parâmetros morfológicos das mudas de sesbânia e angico, suas relações e índice de qualidade de Dickson (IQD foram determinados aos 56 e 120 dias após a semeadura, respectivamente para cada espécie. Os efeitos dos substratos nos parâmetros morfológicos das mudas de sesbânia e angico variaram de acordo com as proporções do substrato. Para o angico, a adição do composto proporcionou aumento na altura da parte aérea, razão entre massa seca de parte aérea por massa seca de raiz e IQD. Para sesbânia, a adição do composto de lixo ao substrato proporcionou aumento na altura da parte aérea, diâmetro do coleto, massa seca de raiz, da parte aérea e total, razão entre massa seca da parte aérea por massa seca de raiz, IQD e número de nódulos. A obtenção de máxima produção de matéria seca total, diâmetro do coleto e IQD foi de 57:43, sendo, portanto, esta a proporção composta de lixo:solo recomendada para a produção de mudas de sesbânia.This work aimed to evaluate the effect of urban waste compost on morphological parameters of "sesbânia" and "angico" seedlings. The substrates had the following proportion of compost and subsoil samples of Quartz-Sand Neosol or Red-Yellow Latosol (%: 0:100; 20:80; 40:60; 60:40 and 80:20, without mineral fertilizer. Seeds of Sesbania virgata were inoculated with the recommended strain BR 5401. Morphological parameters of seedlings, their relationships and the Dickson Index of Quality (IQD were determined to "sesbânia" and "angico" at 56 and 120 days

  3. Violetas-africanas micropropagadas: cultivo em em diversos substratos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Islaine Tavares Ferreira

    2001-05-01

    Full Text Available Desenvolveu-se este trabalho no Laboratório de Biologia Celular do Departamento de Zoologia e Genética do Instituto de Biologia da Universidade Federal de Pelotas (RS. Objetivou-se analisar a influência de diferentes substratos no crescimento de genótipos de violeta-africana (Saintpaulia ionantha Wendl., visando, principalmente, à substituição do pó ou da fibra de xaxim, obtidos de Dicksonia sellowiana, planta nativa que se encontra em vias de extinção. Utilizaram-se quatro genótipos (V2, V3, V5 e P4 e dez substratos, sendo o solo (S e a vermiculita (V usados isoladamente, juntos (S+V, na proporção de 1: 1, ou em combinação com outros sete substratos, nas proporções, 1: 1: 1 (S+V+areia, S+V+casca de arroz carbonizada, S+V+esfagno, S+V+turfa, S+V+serragem, S+V+pinha (fruto do pinheiro e S+V+xaxim. As violetas micropropagadas foram transplantadas em vermiculita umedecida com solução nutritiva e, após sete dias, para os diferentes substratos. Realizaram-se avaliações quantitativas semanais (número de folhas e diâmetro médio das plantas durante 77 dias. O experimento fatorial A x B x C (A = substratos; B = genótipos e C = leituras foi conduzido no esquema de blocos casualizados. Analisaram-se as médias pelo teste de Duncan ((x = 0,05, sendo a unidade experimental composta por um vaso com uma planta. O melhor crescimento, avaliado pelo número de folhas e diâmetro médio, foi apresentado pelo genótipo P4 e propiciado pelo substrato composto S+V+casca de arroz carbonizada. Esse substrato se mostrou superior, inclusive, àquele com xaxim. Ressalta-se que, para violetas-africanas, a fibra de xaxim pode ser substituída, perfeitamente, por casca de arroz carbonizada, esfagno ou areia associados com solo + vermiculita, na proporção 1: 1: 1.

  4. Produção de mudas de meloeiro amarelo, sob cultivo protegido, em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Regina Pelizza

    2013-04-01

    Full Text Available Mudas mal formadas e debilitadas comprometem o desenvolvimento das culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de meloeiro amarelo, sob cultivo protegido, em diferentes substratos. Este trabalho foi conduzido em telado, na Universidade Federal de Pelotas (RS, nos meses de novembro e dezembro. Testaram-se os seguintes substratos: T1 (vermicomposto bovino puro; T2 (substrato comercial Plantmax®; T3 (substrato comercial Húmus Fértil®; T4 (vermicomposto bovino 75% + casca de arroz carbonizada 25% e T5 (solo 75% + vermicomposto bovino 25%. Foram avaliados o índice de velocidade e a percentagem de emergência do 6º ao 9º dia; a altura, o comprimento da raiz principal, a massa seca das raízes e da parte aérea das mudas de meloeiro, aos 27 dias. Os substratos que proporcionaram maior índice de velocidade de emergência das mudas de meloeiro amarelo foram Húmus Fértil®, vermicomposto bovino puro e vermicomposto bovino 75% mais casca de arroz carbonizada 25%. Maior altura da muda é obtida com o substrato Húmus Fértil®. O comprimento da raiz principal foi maior com o uso de vermicomposto bovino puro, Húmus Fértil®, vermicomposto bovino puro mais casca de arroz carbonizada (VB75+CAC25, em comparação com solo 75% mais vermicomposto bovino 25%. A massa seca de raiz foi maior quando utilizado Húmus Fértil®, em comparação com solo 75% mais vermicomposto bovino 25%. É possível utilizar substratos isolados ou em combinação para a produção de mudas de meloeiro amarelo sob cultivo protegido. Porém, deve-se evitar o uso de solo 75% em combinação com vermicomposto bovino 25%.

  5. Cultivo de orquídea em substratos à base de casca de café

    OpenAIRE

    Adriane Marinho de Assis; Lilian Keiko Unemoto; Lilian Yukari Yamamoto; Alessandro Borini Lone; Gilberto Rostirolla Batista de Souza; Ricardo Tadeu de Faria; Sérgio Ruffo Roberto; Lúcia Sadayo Assari Takahashi

    2011-01-01

    A utilização de resíduos agrícolas como substrato é uma alternativa promissora no cultivo de orquídeas, reduzindo os custos e o acúmulo desses materiais no ambiente. O objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de orquídea híbrida (C. forbesii x C. labiata) x C. labiata em substratos à base de casca de café. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com seis tratamentos (xaxim desfibrado; casca de café; casca de café + coco em pó; casca de café + fibra de c...

  6. Cultivo de Oncidium baueri Lindley (Orchidaceae) em substratos a base de coco

    OpenAIRE

    Assis,Adriane Marinho de; Faria,Ricardo Tadeu de; Unemoto,Lilian Keiko; Colombo,Larissa Abgariani

    2008-01-01

    Entre os substratos utilizados no cultivo de orquídeas, a fibra de coco vem se destacando como promissor substituto do xaxim, material utilizado por muitos produtores e colecionadores de orquídeas, porém ameaçado de extinção. Objetivou-se, neste trabalho, foi avaliar a eficiência de substratos à base de coco, no cultivo da orquídea Oncidium baueri. As mudas foram cultivadas em vasos de polipropileno, permanecendo em viveiro com 50% de luminosidade. Os tratamentos constituíram-se de xaxim desf...

  7. Metais pesados em milho fertilizado com fosfato natural e composto de lodo de esgoto Heavy metals concentrations in corn fertilized with phosphate rock and sewage sludge compost

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo R Zuba Junio

    2011-10-01

    Full Text Available Em virtude do elevado teor de nutrientes e matéria orgânica o lodo de esgoto tem sido reportado em diversos trabalhos, como excelente adubo orgânico. Entretanto, a presença de metais pesados pode inviabilizar sua utilização agrícola. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar os teores de metais pesados no solo e em folhas de milho fertilizado com fosfato natural e composto de lodo de esgoto. O trabalho foi realizado em área experimental do ICA/UFMG, em CAMBISSOLO HÁPLICO, em Montes Claros, MG. Os tratamentos, em esquema fatorial 2 x 4, foram constituídos de 2 doses de fosfato natural reativo (0 e 90 kg ha-1 de P2O5 e 4 doses de composto de lodo de esgoto (0; 25; 50 e 75 Mg ha-1. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com 3 repetições dos tratamentos e 180 plantas por parcela. De modo geral, o fosfato natural não influenciou os teores de metais pesados no solo; entretanto, os teores de Cu, Zn e Pb no solo aumentaram com a aplicação de doses de composto de lodo de esgoto. Aplicações de doses de composto de lodo de esgoto de até 75 Mg ha-1 não aumentaram os teores de Cu, Zn, Pb, Cd, Ni e Cr acima dos limites críticos estabelecidos pela legislação. Na planta, os teores de Cu, Zn, Pb, Cd e Cr não foram influenciados pela aplicação de fosfato natural porém o teor de Zn aumentou e o de Pb reduziu com a aplicação de doses de composto de lodo de esgoto.The objective of this study was to evaluate the concentration of heavy metals in soil and leaves of corn fertilized with rock phosphate and sewage sludge compost. The work was conducted at the experimental area of ICA/UFMG, Montes Claros - MG, in Cambisol. The treatments, in factorial 2 x 4, corresponded to two doses of rock phosphate (0 and 90 kg P2O5 ha-1 and four doses of sewage sludge compost (0, 25, 50 and 75 Mg ha-1. The experimental design was randomized blocks with three replications of treatments. The rock phosphate did not affect overall

  8. Crescimento de mudas de Eucalyptus camaldulensis em substratos à base de casca de arroz carbonizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagma Kratz

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Com base na importância do substrato na produção de mudas florestais, objetivou-se, com este trabalho, avaliar a viabilidade técnica de 13 substratos, preparados com misturas de substrato comercial à base de casca de pinus e vermiculita (SC, casca de arroz carbonizada com diferentes granulometrias [maior que 2 mm (CAC1, CAC com granulometria entre 1 - 2 mm (CAC2, CAC com granulometria entre 0,5 - 1 mm (CAC3, CAC com granulometria menor que 0,5 mm (CAC4], fibra de coco (FC e vermiculita média (VM, na produção de mudas de Eucalyptus camaldulensis, e a correlação de suas propriedades físicas e químicas com seu crescimento. Foram utilizados tubetes de 55 cm³. As mudas permaneceram 60 dias em estufa de vidro e 30 dias a pleno sol. Foram avaliadas a altura, diâmetro de colo, fitomassas secas aérea e radicial, facilidade de retirada do tubete, agregação das raízes ao substrato e relação entre altura e diâmetro de colo. Concluiu-se que o substrato formado por CAC pura, em diferentes granulometrias e em mistura com os outros componentes, é viável tecnicamente para a produção de mudas de Eucalyptus camaldulensis, embora aquele formado pela mistura de 50% de CAC e VM tenha resultado em maior crescimento das mudas. As propriedades dos substratos, densidade aparente, pH e capacidade de troca catiônica são importantes na produção de mudas, pois apresentaram correlações significativas com as variáveis biométricas.

  9. Estudo do crescimento inicial de plântulas de Cereus jamacaru DC em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wanderlucia Silva Rodrigues

    2014-12-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar o desenvolvimento de mudas de Cereus jamacaru DC, em substratos a base de fibra de coco e casca de arroz carbonizada. Os tratamentos utilizados foram dispostos em um delineamento inteiramente casualizado constituídos por cinco substratos a base de fibra de coco (FC e casca de arroz carbonizado (CAC, misturados com diferentes proporções volumétricas. Os tratamentos constituíram-se dos substratos 100% FC (T1, 100% CAC (T2, 75%FC+25%CAC (T3, 50%FC+50%CAC (T4, e 25%FC+75%CAC (T5. Cada tratamento foi composto por 14 repetições com 2 plantas por tratamento. Caixas de plástico transparente foram utilizados como recipientes. Aos 125 dias após o transplantio, foram avaliadas as seguintes variáveis das plântulas: comprimento, número, massa fresco e massa seco de raiz; massa fresco e massa seco da parte aérea; comprimento da parte aérea. Nas condições do experimento, conclui-se que o substrato composto somente por fibra de coco apresentou melhores resultados em todas as variáveis analisadas.

  10. Propagação vegetativa de estacas de Piper hispidumSw. em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.L.B. CUNHA

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO Piper hispidum é uma espécie pioneira pertencente à família Piperaceae, com importância na medicina popular e na obtenção de óleo essencial. Assim como outras espécies da família, possui poucas informações sobre técnicas de cultivo. O objetivo foi avaliar a propagação via estaquia de Piper hispidum em função do tipo de substrato e estaca em Manaus, Amazonas, Brasil. O experimento foi realizado na Embrapa Amazônia Ocidental. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 (estacas x 5 (substratos, com três repetições de 12 estacas, sendo as estacas (apical, mediana e basal e os substratos (areia lavada, substrato comercial, solo + esterco de aves, solo + casca de guaraná e fibra de coco. Foram avaliadas: enraizamento (%, número de brotações, comprimento da maior brotação (cm, número de folhas, comprimento da maior raiz (cm, massa seca da raiz (g e massa seca das brotações (g. Foi realizada análise de variância pelo teste F a 5% de probabilidade e para as médias foi realizado o teste Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Recomenda-se utilizar estacas apicais e basais, nesta ordem. Ocorreu interação entre os fatores substrato e tipos de estaca somente para variável número de brotações. Os substratos areia lavada e substrato comercial são indicados para maiores porcentagens de enraizamento com 81,56% e 81,33%, respectivamente. O enraizamento foi superior nas estacas apicais (85,67% e basais (74,47%. Porém, para esta espécie os substratos solo + esterco de aves e/ou solo + casca de guaraná foram mais indicados quando o objetivo é obter estacas de qualidade.

  11. Comportamento do camarão em diferentes substratos nas fases clara e escura do dia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Bezerra dos Santos

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tipo de substrato sobre a preferência, o enterramento e a atividade natatória de camarões (Litopenaeus vannamei. Juvenis (0,93±0,29 g e adultos machos e fêmeas (10,05±1,18 g foram observados durante 24 horas, por meio do método animal focal, com registros instantâneos. Foram testadas as seguintes granulometrias (tratamentos dos substratos: I, 100% C; II, 50% C + 50% B; III, 50% A + 50% C; IV, 100% B; V, 50% B + 50% A; e VI, 100% A, em que as letras referemse ao diâmetro médio das partículas, A = 0,25-2,0 mm; B = 0,0625-0,25 mm; e C = <0,0625 mm. Foram aplicados seis tratamentos com 18 repetições para cada categoria: camarões juvenis, machos e fêmeas. Cada indivíduo foi exposto por 24 horas aos seis tipos de substrato, simultaneamente, e o seu comportamento foi observado nas fases clara e escura do dia. A natação ocorreu principalmente na fase escura e o enterramento, na fase clara, no substrato IV. Os camarões juvenis e adultos (machos ou fêmeas preferem o substrato composto de areia fina e muito fina (0,0625-0,25 mm, tanto para permanência quanto para enterramento.

  12. Estabelecimento de mudas de Eucalyptus spp. e Corymbia citriodora em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Fernandes Oliveira

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar a qualidade de mudas de seis espécies de eucalipto, produzidas em substratos com diferentes proporções dos resíduos orgânicos: fibra de coco e casca de arroz carbonizada. O experimento foi implantado no Viveiro Florestal da UnB. Como substratos, foram utilizados os dois resíduos misturados à vermiculita em três proporções (25%, 50% e 75%. As espécies foram avaliadas separadamente, cada uma com seis tratamentos dispostos em DIC no esquema fatorial 2×3 (dois resíduos e três proporções, com oito repetições. Foram avaliados: altura, diâmetro, número de folhas, massa seca aérea e radicial, relação altura/diâmetro e índice de qualidade de Dickson. O resíduo fibra de coco foi superior em relação à casca de arroz carbonizada para altura, diâmetro, massa seca aérea e relação altura/diâmetro para a maioria das espécies avaliadas. A incorporação de 25% da fibra de coco proporcionou um maior padrão de qualidade das mudas em todas as espécies estudadas.

  13. Análise sensorial de violetas-africanas cultivadas em diferentes substratos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Islaine Tavares Ferreira

    2001-05-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Biologia Celular do Departamento de Zoologia e Genética do Instituto de Biologia da Universidade Federal de Pelotas. Objetivou-se analisar a influência de diferentes substratos nas características estéticas de genótipos de violeta-africana (Saintpaulia ionantha Wendl., mediante análise sensorial, segundo os métodos discriminativo e afetivo, visto que, para plantas ornamentais, os melhores resultados obtidos por análises métricas nem sempre refletem plantas com melhores características estéticas. Utilizaram-se quatro genótipos (V2, V3, V5 e P4 e dez substratos, sendo o solo (S e a vermiculita (V usados isoladamente; juntos (S+V, na proporção de 1: 1, ou em combinação com outros sete substratos, nas proporções 1: 1: 1 (S+V+areia, S+V+casca de arroz carbonizada, S+V+esfagno, S+V+turfa, S+V+serragem, S+V+pinha e S+V+xaxim. Transplantaram-se as violetas micropropagadas para vermiculita umedecida com solução nutritiva e, após 7 dias, para os diferentes substratos. Passados 70 dias de cultivo, realizaram-se as análises sensoriais para avaliar as características intensidade e uniformidade da cor, desenvolvimento, atratividade e vigor da planta pelo método discriminativo (Teste de Avaliação de Atributos e pelo afetivo (Teste de Preferência-Ordenação para atratividade. Efetuou-se o experimento fatorial A x B x C (A = substratos; B = genótipos e C = julgadores no esquema de blocos casualizados. As médias foram analisadas pelo teste de Duncan ((x = 0,05, sendo a unidade experimental composta por um vaso com uma planta. Concluiu-se que o genótipo P4 apresentou as melhores condições estéticas (vigor, desenvolvimento, atratividade e cor e que o substrato solo+vermiculita+casca de arroz carbonizada foi o melhor para o cultivo, pois propiciou maior desenvolvimento, vigor e atratividade da planta, com produção de folhas mais claras.

  14. Estrutura de uma floresta brejosa em substrato turfoso, Sul de Santa Catarina, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Martins

    2013-04-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever a diversidade e a estrutura do componente lenhoso de uma floresta brejosa em substrato turfoso no sul do Estado de Santa Catarina, correlacionando dados florísticos com variáveis ambientais. Indivíduos com DAP ≥ 5 cm foram amostrados em 100 parcelas de 10 x 10 m em um quadrado permanente de 1 ha. As variáveis ambientais foram classificadas em topográficas, químicas e texturais do solo e de luminosidade. Correlações espécie-ambiente foram obtidas por Análise de Correspondência Canônica (CCA. Comparações florísticas foram realizadas por análise de agrupamento (UPGMA e análise de correspondência. A diversidade específica foi considerada baixa, pois foram amostradas apenas 26 espécies. A CCA evidenciou que as variáveis ambientais mensuradas possuem pouca influência na distribuição das espécies, ressaltando assim sua adaptação ao ambiente anóxico, fortemente limitante. Dados de similaridade demonstraram que o substrato turfoso age como um filtro ambiental adicional, além do estresse hídrico, na composição de espécies nas formações turfosas/brejosas.

  15. Ascensão capilar de água em substratos de coco e de pinus

    OpenAIRE

    Carlos Vinicius Garcia Barreto; Roberto Testezlaf; Conan Ayade Salvador

    2012-01-01

    O uso da irrigação por capilaridade na produção de mudas em viveiros pode trazer vantagens ao uso de água e sua utilização adequada requer o conhecimento da capacidade de ascensão de água no meio de crescimento das raízes, atributo pouco estudado. Para avaliar esta condição fundamental, este trabalho tem como objetivo avaliar a ascensão de água em substratos comerciais de coco e pinus, em dois padrões de tamanho de partículas e em duas condições de umidade, para indicar aquele que possua as m...

  16. Crescimento inicial de mudas de Acacia mangium cultivadas em mantas de fibra de coco contendo substrato de lodo de esgoto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Fredson Duarte

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento inicial de mudas de Acacia mangium semeadas em "manta" de fibra de coco contendo substrato de lodo de esgoto. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com 13 tratamentos e três repetições, distribuídos em esquema fatorial (6 x 2 + 1 com seis proporções de fibra de coco e resíduo agregante, combinados com substratos com e sem lodo de esgoto, mais o tratamento-controle (terra de subsolo. Foram avaliados o índice de velocidade de emergência (IVE, a percentagem de emergência (EM e a altura das plantas aos 40 e 60 dias após a emergência. O tratamento- controle apresentou melhores resultados em relação ao IVE e EM quando comparado com os tratamentos utilizando "manta" de fibra de coco e resíduo agregante. Não houve diferença entre o controle e os tratamentos com "mantas" em altura das plantas aos 40 e 60 dias. Não foram observadas interações entre o tipo de substrato utilizado no semeio e as diferentes proporções de fibra de coco na "manta". A presença de lodo no substrato não influenciou o IVE e a EM, contudo verificou-se que o substrato sem lodo de esgoto proporcionou maior crescimento em altura das plantas. O uso de "mantas" contendo 50 e 100% de fibra de coco proporcionou maior crescimento às mudas de acácia em condições de campo.

  17. Ácido indolbutírico no enraizamento de estacas de Langerstroemia indica em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Macedo de Lima

    2017-01-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do ácido indolbutírico (AIB no enraizamento de estacas de resedá (Langerstroemia indica em diferentes substratos. Estacas semi-lenhosas de 7-8 cm foram tratadas em soluções de AIB (0, 1.000, 2.000 e 3.000 mg L-1 por 10 s e estaqueadas em tubetes contendo substrato orgânico comercial ou vermiculita. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 4 x 2 (4 concentrações x 2 substratos. Aos 75 dias avaliaram-se porcentagens de estacas enraizadas, com brotações e mortas, número e comprimento de raízes e número de brotações por estaca. O AIB na concentração 1.000 mg  L-1 promoveu a melhor resposta de enraizamento (65,63% em substrato vermiculita (73,43%.

  18. Germinação e vigor de sementes de Crataeva tapia L. em diferentes substratos e temperaturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Ursulino Alves

    2012-12-01

    Full Text Available Crataeva tapia L., espécie florestal pertencente à família Caparidaceae, conhecida popularmente como trapiá, é uma árvore frutífera de múltiplos usos na medicina popular, como madeireira e árvore ornamental. Dessa forma, objetivou-se definir substratos e temperaturas para condução de testes de germinação e vigor com sementes de C. tapia. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente ao acaso, com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 5 x 6, com os fatores temperaturas (20; 25; 30; 35 °C constantes e 20-30 °C alternada e substratos (papel toalha, sobre papel mata borrão, areia, vermiculita, bioplant® e plantmax®, em quatro repetições de 25 sementes. As características analisadas foram: porcentagem, primeira contagem e índice de velocidade de germinação, bem como comprimento e massa seca de plântulas. Para a germinação das sementes de C. tapia, recomenda-se a temperatura de 20-30 °C em todos os substratos testados, exceto sobre papel mata borrão. O papel toalha proporcionou a maior porcentagem de germinação das sementes quando comparados aos demais substratos.

  19. Emergência de plântulas de cafeeiro em substratos de borra de café

    OpenAIRE

    Aibi Jorge Torres; Marcelo Bregagnoli; José Mauro Costa Monteiro; Carlos Alberto Machado Carvalho

    2012-01-01

    A germinação e velocidade de emergência de sementes de café (Coffea arabica L.) está ligada a fatores intrínsecos e extrínsecos. O substrato é o meio onde ocorre a germinação, podendo servir de fonte de nutrientes às plântulas em desenvolvimento. O uso de substratos alternativos para produzir mudas de café vem sendo pesquisado há vários anos, porém são poucos os trabalhos ligados diretamente ao uso da borra de café como substrato único. O presente trabalho objetivou mostrar a viabilidade de c...

  20. CRESCIMENTO RADICULAR DE MUDAS DE COUVE-FLOR PRODUZIDAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS DE PRODUÇÃO AGROECOLOGICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cesar Gradice Saluci

    2017-05-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de mudas de couve flor, semeadas em diferentes substratos: e concentrações  orgânicas formuladas a partir de matéria prima disponível na região. O estudo foi desenhado no delineamento inteiramente casualizado com sete repetições considerando uma planta por repetição, em esquema fatorial 4x4, quatro substratos e quatro concentrações os tratamentos foram quatro tipos de substratos sendo um comercial comumente utilizado para produção de mudas de hortaliças e três orgânicos de produção agroecológica, ambos produzidos no setor de agroecologia do ifes-campus de alegre, sendo: S1- Composto orgânico produzido pelo processo de compostagem de restos de poda de jardim e esterco bovina fresco, de acordo com a metodologia de (SOUZA et al., 2013; S2- Vermicomposto produzido com o composto orgânico no qual foi inserido minhocas Eisenia foetida para realizar o processo de vermicompostagem e S3 - Composto orgânico  com cinzas de madeira + restos de poda de jardins + esterco bovino, compostado em sistemas de pilhas. As concentrações foram 25, 50, 75 e 100% de substrato completados com volumoso de terra de barranco característica de horizonte c, completados em volumes. Os substratos  orgânicos apresentaram bons desenvolvimento de raiz para as mudas de couve flor.

  1. Emergência de Lafoensia pacari Saint. Hil. em diferentes substratos e tratamentos pré-germinativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fatima Barbosa Coelho

    2013-10-01

    Full Text Available 800x600 Lafoensia pacari Saint Hil. é uma árvore utilizada na medicina popular na arborização urbana. Com objetivo de verificar o efeito de tratamentos pré-germinativos e substratos na germinação de sementes de L. pacari foram realizados dois experimentos em blocos casualizados com três repetições no esquema de parcela sub-dividida com sementes com dois períodos de armazenamento. Nas parcelas colocaram-se os substratos: (1 terra vegetal; (2 areia lavada; (3 vermiculita (4 terra vegetal+areia lavada (1:1; (5 terra vegetal + areia lavada (3:1 e nas sub-parcelas os pré-tratamentos: (1 sementes sem imersão em água; (2 sementes imersas em água por 12h e (3 sementes imersas em água por 24h. A maior percentagem de emergência ocorreu nas sementes pré-embebidas por 24h, e nos substratos vermiculita ou terra vegetal + areia (1:1. Houve perda do poder germinativo com o armazenamento Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

  2. Modelagem simplificada para estimativa do potencial de penetração de partículas em substratos porosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Betânia Carvalho Costa

    Full Text Available Um modelo simplificado foi desenvolvido para estimar o potencial de penetração de partículas típicas de matrizes de argamassas e concretos nos poros de um substrato. O modelo considera que, após serem lançadas sobre a superfície, as partículas com área de projeção no plano menor ou igual à área do poro podem penetrá-la. Foram estudadas cinco matrizes distintas, constituídas por partículas de cimento, cal, filer calcário, microssílica e argamassa aplicadas em três substratos com distribuição do tamanho de poros similares aos encontrados no mercado nacional. A distribuição granulométrica das partículas foi obtida por ensaios de granulometria a laser e a distribuição do tamanho dos poros e a porosidade dos substratos por porosimetria de intrusão de mercúrio. Os resultados obtidos mostraram que o potencial penetração de partículas nos poros não atinge 1% do volume total de partículas presentes na matriz, mesmo para a matriz com granulometria mais fina (microssílica em substrato com faixa de poros mais ampla (substrato cimentício numa relação área do poro/área da partícula igual a 1. Conforme modelo proposto, a contribuição da parcela mecânica pela penetração de partículas nos poros para aderência é insignificante.

  3. Desenvolvimento e qualidade nutricional de mudas de mangabeiras cultivadas em substratos contendo fibra de coco e adubação fosfatada Development and nutritional quality of hancornia speciosa seedlings cultivated in mixture containing coconut fiber and fertilized with phosphorus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Jardelino Dias

    2009-06-01

    Full Text Available Para a produção de mudas de qualidade, é necessária a utilização de substratos com propriedades físicas, químicas e biológicas que condicionem a germinação adequada das sementes e o estabelecimento das mudas. Neste sentido, foi realizado um experimento no Centro de Ciências Agrárias, da Universidade Federal da Paraíba, com o objetivo de avaliar o crescimento e a composição mineral de mudas de mangabeiras (Hancornia speciosa em substratos compostos por diferentes proporções de fibra de coco (0% a 40%, esterco bovino (0% a 25%, terra vegetal (25% a 70% e 15% de areia, fertilizados com superfosfato triplo (0; 5,5 e 11 g dm-3. A terra vegetal e a fibra de coco exerceram efeitos benéficos às mudas com o aumento de suas proporções no substrato. A adição do esterco e do superfosfato triplo inibiu a produção de matéria seca e a área foliar das mudas. Houve aumento dos teores de nutrientes nas mudas com o aumento da concentração de esterco nos substratos. Pela estimativa dos resultados, o substrato que proporciona maior crescimento e composição mineral mais equilibrada nas mudas de mangabeira deve ser constituído por 14% de esterco, 56% de terra vegetal, 15% de fibra de coco, 15% de areia e 4 g dm-3 de superfosfato triplo.In order to produce good quality seedlings it is necessary to use a mixture that presents appropriate physical, chemical and biological properties, which supplies the necessary conditions for the germination and the seedling's establishment. This experiment was carried out at the Agricultural Sciences Center, Paraíba Federal University (Brazil, whose objective was to evaluate the growth and the mineral composition of Hancornia speciosa seedlings in substrata composed by concentrations of coconut fiber from 0% to 40%, manure bovine from 0% to 25%, soil from 25% to 70%, sand 15% and triple superphosphate between 0 and 11 g dm-3. The soil and coconut fiber had beneficial effects on the H. speciosa

  4. Utilização de nitrogênio pelo trigo cultivado em solo fertilizado com adubo verde (Crotalaria juncea) e/ou uréia

    OpenAIRE

    Ambrosano Edmilson José; Trivelin Paulo Cesar Ocheuze; Araújo Ademir Sérgio Ferreira de; Teixeira Gleuber Mariano; Campos Antônio Xavier de; Silva Flávia Carvalho

    2005-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar o aproveitamento do nitrogênio de adubo verde (Crotalaria juncea L.)-15N e da uréia-15N, em fertilização conjugada e separada. O experimento foi conduzido em vasos contendo 5kg de um Latossolo Vermelho distrófico típico (amostra colhida na profundidade de 0-20cm), utilizando trigo (Triticum aestivum L.), cultivar IAC-24. O delineamento inteiramente casualizado foi usado com 5 tratamentos e 4 repetições: T1 - uréia-15N (45mg kg-1 de N-uréia); T2 - Crotalar...

  5. EFEITO DE FUNGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES E DA ADUBAÇÃO NO CRESCIMENTO DE MUDAS DE Eugenia uniflora L., PRODUZIDAS EM DIFERENTES SUBSTRATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SAMANTA JAQUELINE DALANHOL

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs, da adubação e da composição do substrato no crescimento de mudas de Eugenia uniflora. As sementes foram germinadas em vermiculita média e repicadas para tubetes (100 cm3 contendo substratos à base de vermicomposto e casca de arroz carbonizada e, como controle, utilizou-se do substrato comercial à base de casca de pínus. Estes substratos foram testados com e sem inoculação micorrízica, adicionada ao substrato, como também se testaram a presença e a ausência de adubação de cobertura. Foram analisadas as propriedades físico-químicas dos substratos formulados. Avaliaram-se a altura, o diâmetro do colo, a agregação das raízes ao substrato, a biomassa seca aérea, a biomassa seca radicial e foram determinados a relação entre altura e diâmetro do colo e o índice de qualidade de Dickson. A inoculação com FMAs não influenciou no crescimento das mudas, enquanto a interação entre substratos e adubação foi significativa para a maioria das variáveis. A ausência de resposta aos FMAs foi, provavelmente, devido às altas concentrações de fósforo nestes substratos. Concluiu-se que o substrato à base de vermicomposto e casca de arroz carbonizada, na proporção de 20/80, pode ser utilizado na produção de mudas desta espécie.

  6. Utilização de nitrogênio pelo trigo cultivado em solo fertilizado com adubo verde (Crotalaria juncea e/ou uréia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ambrosano Edmilson José

    2005-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o aproveitamento do nitrogênio de adubo verde (Crotalaria juncea L.-15N e da uréia-15N, em fertilização conjugada e separada. O experimento foi conduzido em vasos contendo 5kg de um Latossolo Vermelho distrófico típico (amostra colhida na profundidade de 0-20cm, utilizando trigo (Triticum aestivum L., cultivar IAC-24. O delineamento inteiramente casualizado foi usado com 5 tratamentos e 4 repetições: T1 - uréia-15N (45mg kg-1 de N-uréia; T2 - Crotalaria juncea-15N (100mg kg-1de N-crotalária; T3 - Crotalaria juncea-14N (100mg kg-1de N-crotalária e uréia-15N (45mg kg-1 de N-uréia; T4 - uréia-14N (45mg kg-1 de N-uréia e Crotalaria juncea-15N (100mg kg-1de N-crotalária; T5 - tratamento controle (sem adição de fontes de N. A colheita das plantas de trigo foi realizada aos 50 dias após a emergência (DAE, no estádio de florescimento, separando-se a parte aérea do sistema radicular, sendo também amostrado o solo de cada vaso. Os parâmetro avaliados foram a massa de material seco, altura de plantas, conteúdo de N e abundância de 15N, sendo calculada a recuperação do nitrogênio proveniente das fontes. A recuperação do N-uréia nas plantas de trigo foi maior que o N-crotalária, que permaneceu imobilizado no solo. No sistema solo-planta, a recuperação do N-crotalária foi igual ao N-uréia. A fertilização do solo com uréia conjugada à crotalária ou aplicada separadamente, resultou em maior massa de material seco e conteúdo de N-total nas plantas de trigo. A utilização da Crotalaria juncea como fonte de nitrogênio pode ser uma alternativa para ampliar a conservação do nutriente no sistema solo-planta.

  7. PRODUÇÃO DE MUDAS DE RABANETE EM DIFERENTES SUBSTRATOS ORGÂNICOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Israel Martins Pereira

    2017-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes tipos de substratos na produção de plântulas de rabanete com sementes provenientes de envelope aluminizados e latas. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado disposto no esquema fatorial 4x2, sendo 4 substratos: S1 - Esterco bovino curtido; S2 - Comercial; S3 - Vermicomposto e S4 - Composto orgânico de podas de jardim e esterco bovino (%, e sementes de 2 embalagens comerciais sendo envelope aluminizado e a lata. Os substratos comercial, vermicomposto e composto a base esterco e poda de jardins, proporcionaram os melhores desenvolvimentos para todos os parâmetros morfoagronômicos estudados nas plântulas de rabanete. As sementes provenientes embalagem de lata promoveram os melhores desenvolvimentos para todos os parâmetros estudados nos substratos testados.

  8. Aclimatização de mudas micropropagadas de abacaxizeiro ornamental em diferentes volumes de substrato.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Vieira do Bomfim

    2007-06-01

    Full Text Available O abacaxizeiro ornamental (Ananas comosus var. erectifolius (L. B. Smith Coppens e Leal é uma planta que produz “flores” de rara beleza, apreciadas por consumidores do mundo inteiro. Atualmente, esta espécie ornamental ocupa a segunda posição no ranking de exportações de flores e plantas ornamentais do Estado do Ceará. Em função da alta demanda do mercado, as mudas são produzidas em escala comercial pela micropropagação, uma técnica da cultura de tecidos que possui cinco etapas importantes. Uma delas, a aclimatização, é uma fase crítica, pois costuma responder pelos altos índices de mortalidade e pelas baixas taxas de crescimento das plantas devido, principalmente, à carência de informações técnicas e científicas sobre o cultivo nessa etapa. Portanto, para minimizar esse problema e preencher a lacuna existente com informações práticas importantes sobre o adequado manejo da cultura, o presente trabalho teve como objetivo, avaliar o efeito de diferentes volumes de substrato na aclimatização de mudas micropropagadas de abacaxizeiro ornamental. A pesquisa foi realizada em um telado pertencente à Embrapa Agroindústria Tropical, situada no município de Fortaleza-CE (3º44’ S e 38º33’ W. As mudas contidas nos distintos recipientes foram cultivadas no substrato pó-de-coco verde com húmus de minhoca (3:1 e irrigadas por microaspersão com uma lâmina d’água de 3 mm, aplicada duas vezes ao dia. As variáveis agronômicas avaliadas aos 83 dias após o transplantio foram o número de folhas, a maior largura da 3ª folha e o maior diâmetro da roseta e, após este período, as massas fresca e seca das partes aérea e radicular. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro tratamentos e cinco repetições para as variáveis relacionadas com o desenvolvimento foliar, e quatro tratamentos e quatro repetições para as variáveis relacionadas com a produção de massa na planta. Os tratamentos

  9. Oxidative enzymes activities from Lentinula edodes on agribusiness substrate / Atividade de enzimas oxidativas do Lentinula edodes em substratos agroindustriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Perani

    2009-12-01

    Full Text Available Basidyomycete Lentinula edodes has its related enzymatic activity mainly on the agribusiness waste kind used as a substrate. The objective of this work was to verify the activity of oxidative enzymes lacase (Lac, lignina peroxidase (LiP and manganese peroxidase (MnP of three L. edodes strains, in stationary system, cultivated the 25 ºC, in the absence of light, in substrates wtih 20% of bran of rice, 1% of CaCO3 and 79% of rice husk (CA, eucalyptus sawdust (SE, cassava bagasse (BM and sugarcane bagasse (BC, adjusted to 60% of humidity. The Lac and MnP activities were bigger in eucalyptus sawdust (SE and sugarcane bagasse (BC. The LiP activity was not induced for tested substrates. The rice husk (CA and cassava bagasse (BM substrates, although are not adequate to produce Lac or MnP, can be used as additives to increase the porosity, air availability and easy metabolism polysaccharides.O basidiomiceto Lentinula edodes tem sua atividade enzimática relacionada, principalmente, ao tipo de resíduo agroindustrial utilizado como substrato. O objetivo deste trabalho foi verificar a atividade das enzimas oxidativas lacase (Lac, lignina peroxidase (LiP e manganês peroxidase (MnP de três linhagens de L. edodes, em sistema estacionário, cultivadas a 25 ºC, na ausência de luz, em substratos compostos de 20% de farelo de arroz, 1% de CaCO3 e 79% de casca de arroz (CA, serragem de eucalipto (SE, bagaço de mandioca (BM e bagaço de cana-de-açúcar (BC, ajustados à 60% de umidade. As atividades de Lac e MnP foram maiores nos substratos a base de serragem de eucalipto (SE e bagaço de cana-de-açúcar (BC. A atividade de LiP não foi induzida pelos substratos testados. Os substratos à base de casca de arroz (CA e bagaço de mandioca (BM, não se mostraram adequados na indução da produção de Lac ou MnP, mas podem ser utilizados como aditivos para aumentar a porosidade, disponibilidade de ar e fornecer polissacarídeos de fácil metabolização.

  10. Análise da qualidade de polimerização, por meio de testes de microdureza, de um cimento resinoso utilizado na cimentação de coroas totais em preparos com diferentes substratos

    OpenAIRE

    Luana Menezes de Mendonça

    2011-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a microdureza do cimento resinoso Variolink II ( Ivoclar Vivadent, Schaan, Liechtenstein) empregado na cimentação de coroas totais de cerâmica (IPS e.max Press, Ivoclar Vivadent, Schaan, Liechtenstein) em preparos com 3 substratos (dentina, metal e resina composta). Foram utilizados 30 molares distribuídos em 3 grupos de acordo com o tipo de substrato. No grupo com substrato em dentina (D), as coroas foram cimentadas em dentes preparados em dentina. Nos gru...

  11. Crescimento de mudas de gipsofila em diferentes substratos Development of young plants of gypsophila in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nair Bosa

    2003-09-01

    Full Text Available Dentro da horticultura um dos ramos que tem se expandido nos últimos anos é a floricultura, em função de sua rentabilidade. Neste sentido, o estudo e uso dos substratos para produção de mudas torna-se de grande importância, pois da qualidade da muda depende o resultado do produto final. Considerando que a qualidade de um substrato é o resultado de suas propriedades químicas e físicas, efetuou-se a caracterização dos mesmos. Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o crescimento de plantas de Gypsophila paniculata cv. Bristol Fairy em diferentes substratos. Os tratamentos (seis substratos foram dispostos em delineamento de blocos casualizados, com parcelas subdivididas no tempo, com quatro repetições. Cada parcela constou de 22 plantas, totalizando 588 mudas. Nos substratos, foram efetuadas as análises físico-químicas: densidade seca, porosidade total, espaço de aeração, água disponível, água facilmente disponível, pH, condutividade elétrica e capacidade de troca de cátions. As avaliações nas plantas foram realizadas semanalmente (7-35 dias e constituíram-se da taxa de sobrevivência, volume de raízes, massa fresca e seca da parte aérea e da raiz. Os resultados indicaram que a característica disponibilidade de água otimiza a aclimatização de Gypsophila paniculata. Os melhores resultados para produção de mudas foram obtidos com os substratos FE1 (perlita + turfa e FE4 (casca de pinus + perlita + turfa.Floriculture is one of the branches in horticulture that has expanded in the last years because of its profitability. The study and the use of substrates for producing young plants are important, once the gypsophila production depends on young plants quality. Considering that the quality of a substrate is the result of its chemical and physical properties, the characterisation of these properties was made. This trial was carried out to evaluate the growth of Gypsophila paniculala cv. Bristol Fairy

  12. Cultivo de Tillandsia kautskyi E. Pereira, bromélia brasileira em risco de extinção: comparação de substratos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Esmeralda Soares Payão Demattê

    2005-06-01

    Full Text Available Pouco se conhece sobre métodos para cultivo de Tillandsia kautskyi. Este estudo teve o objetivo de observar o desenvolvimento de plantas dessa espécie em substratos de origem vegetal, tendo como padrão uma mistura contendo xaxim. O experimento foi conduzido entre dezembro de 2000 e abril de 2002, em Jaboticabal (SP, em casa de vegetação com 70% de interceptação da luz solar. As mudas foram cultivadas em vasos plásticos, preenchidos com diferentes substratos: S1 = 45% de xaxim + 45% de fibra de coco + 10% de húmus de minhoca; S2 = 45% de fibra de coco + 45% de casca de Pinus + 10% de húmus de minhoca; S3 = 100% de fibra de coco com adição de macro e micronutrientes; S4 = 100% de fibra de coco. Houve diferença significativa apenas para o desenvolvimento do sistema radicular, maior em S3 do que em S2. Cálculos de regressão linear indicaram que as causas prováveis do menor desenvolvimento das raízes em S2 foram: maior densidade desse substrato, menor teor de matéria orgânica total, menor umidade natural, menores teores de potássio e boro, e concentrações mais altas (possivelmente tóxicas de fósforo (0,19% de P2O5, ferro (42.086 mg/kg e manganês (385 mg/kg. Concluiu-se que T. kautskyi pode ser cultivada em substratos que não contêm xaxim, e que substrato constituído por 100% de fibra de coco é um bom substituto para misturas contendo xaxim.

  13. Avaliação de substratos para cultivo de crisântemo(Crysanthemum morifolium Ramat. - Compositae) 'White Polaris' em vasos.

    OpenAIRE

    Marília Maia de Souza; Luiz Eduardo F. Fontes; Luiz Carlos Lopes

    1995-01-01

    Com intuito de selecionar substratos que proporcionem melhor crescimento e floração do crisântemo, em vaso, foram cultivadas mudas de crisântemo 'White Polaris' em substratos solo:areia:casca de arroz carbonizada; solo:areia:casca de arroz não carbonizada; solo:areia:casca de café; solo:areia: serragem; solo:areia:vermiculita, em quatro proporções volumétricas (1:0,5:1, 1:0,5:2, 1:1:2 e 2:0,5:2), e em solo: areia, na proporção volumétrica de 1:0,5, com densidade variando de 0,6-0,7g/cm3. Aval...

  14. Desenvolvimento de mudas de manjericão (Ocimum basilicum L.em função do recipiente e do tipo e densidade de substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Maggioni

    2014-03-01

    Full Text Available Uma das etapas mais importantes na produção do manjericão é o desenvolvimento das mudas. Nesta etapa, o cuidado com o recipiente e o substrato é essencial, pois afetam diretamente o crescimento e a arquitetura do sistema radicular, bem como, o fornecimento de nutrientes. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de mudas de manjericão (Ocimum basilicum L. influenciadas pelo tipo e densidade de diferentes substratos, cultivadas em bandejas de poliestireno com diferentes números de células. O experimento foi conduzido na área de Jardinocultura da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD em Dourados - MS. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com cinco repetições, sendo os tratamentos dispostos em esquema fatorial 3x3x5, sendo três tipos de bandejas de poliestireno expandido com 72, 128 e 200 células com volumes internos de 124,3; 44,8 e 17,7 mL, respectivamente. Três tipos de substratos comerciais (PlantMax Florestais®; Tropstrato Vida Verde® e PlantMax Hortaliças HA®, e cinco densidades de substratos (0,36; 0,42; 0,48; 0,54 e 0,60 kg dm-3. Decorridos 78 dias após a emergência das plantas avaliou-se alturas das plantas, massa fresca e seca da parte aérea e sistema radicular, e comprimento de raízes. A produção de mudas comerciais de manjericão (Ocimum basilicum L. foi melhor com o uso do substrato Tropstrato Vida Verde® na bandeja de 72 células associado com a densidade de 0,47 kg dm-3.

  15. Volume do recipiente, adubação e sua forma de mistura ao substrato no crescimento inicial de Peltophorum dubium (sprengel taubert em viveiro Container volume, fertilization and way to mix substrate on the initial growth of Peltophorum dubium (sprengel taubert in nursery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizeu Luiz Brachtvogel

    2010-04-01

    Full Text Available O ensaio comparou três volumes de recipientes, três tipos de adubação e duas formas de mistura do fertilizante ao substrato, no crescimento inicial de plântulas de Peltophorum dubium (Sprengel Taubert (canafístula em viveiro, num esquema fatorial 3 x 3 x 2. Foram utilizados tubetes de 100 e 180 cm³ preenchidos com substrato comercial e sacos plásticos de 10 x 15 cm cheios com mistura de solo e vermiculita em partes iguais, fertilizados com fertilizante de liberação lenta (FLL nas dosagens de 1,75 e 3,5 kg m-3 e com formulação NPK a 1,0 kg m-3 de substrato. As formas de misturas adotadas foram aquelas com base por metro cúbico de substrato ou individualmente para cada recipiente. Na análise destrutiva realizada 12 semanas após a emergência, avaliaram-se o número de folhas, a altura da planta, o diâmetro do coleto e as massas secas da parte aérea, o sistema radicular e o total. Os resultados indicaram que a redução no volume do recipiente causou diminuição na massa seca, diâmetro e altura. O número de folhas, a massa seca da parte aérea e a massa seca total foram semelhantes nas plântulas sob fertilização com NPK, independentemente do volume do recipiente, o que não ocorreu naquelas sob FLL, onde esse parâmetro diminuiu com o volume do recipiente. O cálculo do índice de Dickson após 12 semanas indicou valores superiores em mudas com a forma de mistura convencional em relação à individual e maior naquelas sob fertilização com NPK, em comparação com as sob FLL.This essay compared three container volumes, conventional fertilizer, recommended and half recommended slow release fertilizer, and the way of mixing fertilizer in the substrate on the initial growth of Peltophorum dubium seedlings in a nursery. The statistical design was a randomized factorial 3 x 3 x 2, using 180 and 100 cm³ plugs for containers filled with commercial substrate and plastic bags of 10 x 15 cm filled with soil and vermiculita in equal

  16. O substrato mítico em A Paixão Segundo G.H, de Clarice Lispector

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariângela Alonso

    2016-01-01

    Full Text Available A crítica tem apontado a narrativa A paixão segundo G.H. como representativa da síntese dos procedimentos artísticos de Clarice Lispector e o ápice de sua expressão literária. O procedimento da autora nesta obra apresenta uma ruptura com a forma tradicional do romance, na medida em que mescla traços característicos da prosa com elementos próprios da poesia, para relatar, em primeira pessoa, a viagem mítica da personagem G.H. em torno do espaço labiríntico de seu apartamento. Este artigo apresenta uma análise do substrato mítico presente em A paixão segundo G.H., fundamentada na teoria da narrativa poética formulada por Jean-Yves Tadié e Ralph Freedman. Palavras-chave: narrativa poética; Clarice Lispector; A paixão segundo G.H.; mito.

  17. Avaliação de substratos para cultivo de crisântemo(Crysanthemum morifolium Ramat. - Compositae 'White Polaris' em vasos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Maia de Souza

    1995-05-01

    Full Text Available Com intuito de selecionar substratos que proporcionem melhor crescimento e floração do crisântemo, em vaso, foram cultivadas mudas de crisântemo 'White Polaris' em substratos solo:areia:casca de arroz carbonizada; solo:areia:casca de arroz não carbonizada; solo:areia:casca de café; solo:areia: serragem; solo:areia:vermiculita, em quatro proporções volumétricas (1:0,5:1, 1:0,5:2, 1:1:2 e 2:0,5:2, e em solo: areia, na proporção volumétrica de 1:0,5, com densidade variando de 0,6-0,7g/cm3. Avaliaram-se os resultados com base na produção da matéria fresca total, das partes aéreas e das raízes, e na percentagem de inflorescência em estádio de botão, semi-aberta e aberta. As melhores respostas de crescimento e floração do crisântemo 'White Polaris' foram obtidas com a utilização do substrato contendo casca de arroz carbonizada nas proporções volumétricas de 1:0,5:2 e 2:0,5:2.

  18. Substratos e fungo micorrízico arbuscular em mudas micropropagadas de bananeira na fase de aclimatação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Trindade Aldo Vilar

    2003-01-01

    Full Text Available Visando a avaliar diferentes substratos na formação de mudas de bananeira e seu efeito na resposta da planta à inoculação do fungo micorrízico Gigaspora margarita, foi conduzido um experimento em estufa de aclimatação da Biofábrica CAMPO - CPA/Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Foram testados 13 substratos, com e sem inoculação do fungo, em plântulas na fase de aclimatação. A inoculação foi realizada no momento do transplante e, após 55 dias de cultivo, obtiveram-se dados de crescimento, nutrição mineral e colonização micorrízica. O fungo micorrízico arbuscular (FMA Gigaspora margarita colonizou intensamente e mostrou-se benéfico para o desenvolvimento das mudas de bananeira, sendo o seu efeito modulado pelo substrato de crescimento; o substrato turfa + vermiculita + 5% de esterco destacou-se entre os melhores para a formação de mudas normais e sadias, mas só quando associado à inoculação do FMA; o uso de substrato comercial Rendmax Citrus promoveu o melhor desenvolvimento das mudas, mas inibiu a colonização e o efeito da micorriza; a complementação mineral do Rendmax Citrus não se mostrou necessária para o cultivo de mudas de bananeira; o uso de vermicomposto mostrou-se promissor para a produção de mudas de bananeira, permitindo o efeito da inoculação com FMA.

  19. CRESCIMENTO INICIAL DE AROEIRA DO SERTÃO (Myracrodruon urundeuva Allemão EM DIFERENTES SUBSTRATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Camargos Kratka

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOEste trabalho buscou avaliar o crescimento de Myracrodruon urundeuvaAllemão produzida em substratos preparados com lodo de esgoto, composto orgânico e esterco bovino. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação por 120 dias no Viveiro do Centro de Referência em Conservação da Natureza e Recuperação de Áreas Degradadas – CRAD, Brasília-DF. Foram testados quatro tipos de adubos: (1 Osmocote®; (2 esterco bovino; (3 composto orgânico; e (4 lodo de esgoto seco. Cada adubo foi submetido a três composições diferentes: (1 25%, (2 50% e (3 75%, com exceção da testemunha e do Osmocote®, totalizando 11 tratamentos com 10 repetições cada. As variáveis analisadas foram: Diâmetro do Coleto (DC, Altura da Muda (H, Número de Folhas (NF, Matéria Fresca de Parte Aérea (MFPA, Matéria Seca de Parte Aérea (MSPA, Matéria Fresca de Raiz (MFR, Matéria Seca de Raiz (MSR e Índice de Qualidade de Dickson (IQD. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os resultados indicaram interação significativa entre os tratamentos. As maiores médias foram obtidas nos tratamentos com esterco bovino, seguidas do tratamento com composto. As plantas produzidas apenas com Osmocote® e com lodo de esgoto morreram. O resultado apontou a importância de incorporar matéria orgânica ao substrato para produção de mudas de M. urundeuva e o composto orgânico na proporção de 25% equivale ao esterco bovino na proporção de 25, 50 e 75%.

  20. Produção de mudas de tomateiro em substratos contendo fibra de coco e pó de rocha

    OpenAIRE

    Sampaio,Regynaldo A; Ramos,Sílvio J; Guilherme,Denílson O; Costa,Cândido A da; Fernandes,Luiz Arnaldo

    2008-01-01

    Com o objetivo de avaliar proporções dos resíduos fibra de coco (FC) e pó de rocha de granito (RG) como substratos na produção de mudas de tomateiro, cultivar Kada Gigante, realizou-se um experimento em casa de vegetação na UFMG-ICA. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por uma testemunha e seis proporções de fibra de coco (FC) e pó de rocha de granito (RG): T1 - Substrato comercial Hortimix®; T2 - 0% FC + 100% ...

  1. Produção de mudas de alface em bandejas e substratos comerciais Production of lettuce seedlings in different trays and commercial substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo E. Trani

    2004-06-01

    Full Text Available Avaliou-se o desenvolvimento de mudas de alface (Lactuca sativa L. cv Vera produzidas em diferentes bandejas de poliestireno e em quatro substratos comerciais em um experimento em Campinas (SP, sob cultivo protegido, de 15/01 a 13/02/03. Os tratamentos consistiram na combinação fatorial de tipos de substratos (Plantmax HA, Hortimix folhosas, Golden Mix 47 e Vida Verde Tropstrato hortaliças e tamanhos de células em bandejas de poliestireno (200 e 288 células. O experimento foi disposto inteiramente ao acaso, com as parcelas subdivididas para época de avaliação, com três repetições sendo cada uma constituída de uma bandeja. As avaliações foram realizadas aos cinco, dez, quinze e vinte dias após a germinação sendo retiradas em cada uma, ao acaso, vinte plantas de cada bandeja. Foram avaliados suas alturas, número de folhas, estabilidade do torrão e a área foliar. O substrato Plantmax proporcionou aos 15 e 20 dias após a germinação, mudas de alface mais desenvolvidas em relação aos outros substratos. Independente do tipo de substrato, as bandejas de 200 células mostraram-se melhores que as de 288 células quanto ao número de folhas e área foliar por ocasião do transplante (20 dias.The effect of four commercial substrates in polystyrene trays with 200 and 288 cells, was evaluated on the production of seedlings of lettuce (Lactuca sativa cv. Vera in a plastic greenhouse, from 15/01 to 13/02/03, in Campinas, São Paulo State, Brazil. The treatments consisted of factorial combinations of four commercial substrates (Plantmax HA, Hortimix folhosas, Golden Mix 47 and, Vida Verde Tropstrato hortaliças and two cell sizes (200 and 288 cells. The experimental design was a randomized complete design, with the plots split with each part subdivided for the evalution time, with three repetitions, each beign made up of a tray. At 5; 10; 15 and 20 days after germination, twenty random plants from each plot were evaluated for their stem

  2. Produtividade de tomate tipo cereja cultivado em ambiente protegido e em diferentes substratos Productivity of cherry tomato cultivated in a protected environment and in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica T A de Gusmão

    2006-12-01

    Full Text Available O experimento foi realizado em Jaboticabal-SP, sob ambiente protegido, objetivando avaliar quatro substratos (Rendimax-Estufa®, areia, solo coberto com filme de polietileno preto e solo descoberto e quatro híbridos de tomateiro tipo cereja ('Mascot', 'Gisela', 'Cheri' e 'Sweet Million', sendo os substratos comercial e areia acondicionados em sacos plásticos. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 4, com quatro repetições. Utilizou-se irrigação por gotejamento, sendo a dotação hídrica realizada em função dos dados obtidos em um tanque Classe A. A solução nutritiva utilizada foi a recomendada por Castellane & Araújo (1995 para a cultura do tomateiro. Os frutos foram colhidos semanalmente, durante o período de 24/11/2000 a 24/01/2001, sendo avaliados o número e produtividade diária de frutos. Os cultivos em solo proporcionaram maior produção diária que no substrato comercial e em areia, para os híbridos Gisele e 'Mascot'. O híbrido 'Gisela' mostrou-se mais produtivo nos cultivos em solo, enquanto o híbrido 'Cheri', embora tenha proporcionado menores produções em peso, produziu maior número de frutos por planta. A produtividade dos tratamentos mais produtivos foi satisfatória, estando de acordo com os padrões de produção para a cultura no Brasil.The experiment was carry out in Jaboticabal-SP, under a protected environment, aiming to evaluate four substrates of root development (substrates Rendimax®, sand, soil with mulch of black polyethylene film and soil without mulch and four hybrids of cherry tomato ('Mascot', 'Gisela', 'Cheri' and 'Sweet Million'. The experimental design was a randomized complete blocks, in a factorial array (4 x 4, with four replications. The irrigation/fertigation was done with a trickle system, being the hydric dotation established based upon the measurements of the class A pan. The nutritious solution was recommended by Castellane & Araújo (1995 for

  3. Enraizamento de estacas herbáceas de 'mirabolano' (Prunus cerasifera ehrn em diferentes substratos e concentrações de ácido indolbutírico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramos José Darlan

    2003-01-01

    Full Text Available O presente trabalho foi realizado com o objetivo de testar diferentes dosagens de AIB (ácido indolbutírico e diferentes substratos no enraizamento de estacas herbáceas do porta-enxerto de ameixeira 'Mirabolano'. As estacas foram retiradas de plantas localizadas no município de Wenceslau Bráz-MG, sendo transportadas em câmara fria para a Fazenda Experimental da Epamig, localizada em Maria da Fé-MG, onde foram padronizadas com um par de meias-folhas e 12 cm de comprimento, sendo posteriormente imersas por 5 segundos em soluções contendo diferentes dosagens de AIB (0; 1000; 2000 e 4000 mg.L-1. Em seguida, foram levadas até bancadas contendo diferentes substratos (areia esterelizada e vermiculita, em local com 50% de sombreamento e umidade controlada, permanecendo sob estas condições por 60 dias. As variáveis analisadas foram: porcentagem de enraizamento, número de raízes, comprimento médio das raízes e biomassa seca das raízes. Observou-se maior eficiência da vermiculita na obtenção de estacas com maior comprimento médio das raízes e maior porcentagem de enraizamento. Quanto às demais variáveis, não houve diferença significativa entre o uso dos substratos em questão. Com relação à dosagem de AIB, a concentração de 2000 mg.L-1 mostrou-se superior às demais para todas as variáveis analisadas.

  4. Proporção de material orgânico no substrato artificial na produção de mudas de cafeeiro em tubetes

    OpenAIRE

    Dias, Ricardo

    2006-01-01

    A utilização de matérias orgânicas pode contribuir para reduzir o custo da produção, manter o desenvolvimento vegetativo e a qualidade das mudas de cafeeiro. Com o objetivo de avaliar os efeitos da utilização de diferentes materiais orgânicos, no substrato artificial, na produção de mudas de cafeeiro (Coffea arabica L.) em tubetes, foi instalado um experimento na Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia EAFU, em viveiro comercial de produção de mudas, no período de julho de 2...

  5. Crescimento e qualidade de mudas de Inga laurina em função do substrato e adubação suplementar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Figueredo Campos de Jesus

    2016-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de misturas de um substrato comercial e pó de fibra de coco (PFC no crescimento e na qualidade de mudas de Inga laurina (Sw. Willd. (Fabaceae. Tubetes de polietileno foram preenchidos com quatro misturas do substrato comercial HS Florestal® (HSF e PFC nas proporções: T1 = 100% HSF; T2 = 80% HSF + 20% PFC; T3 = 60% HSF + 40% PFC e T4 = 40% HSF + 60% PFC. Os experimentos foram realizados de forma independente, em presença (experimento I e ausência (experimento II de adubação suplementar. Foram realizadas avaliações de crescimento e qualidade das mudas ao final dos experimentos, aos 81 dias (experimento I e 110 dias (experimento II após a repicagem. Concluiu-se que o uso da adubação suplementar não apresentou diferenças em crescimento e qualidade das mudas de I. laurina até o percentual de 60% de PFC misturado ao substrato comercial. Sem a adição de adubação suplementar, a mistura com 80% HSF + 20% PFC é indicada para a produção de mudas de I. laurina. Além disso, a ausência de adubação suplementar nitrogenada e a adição de PFC ao substrato estimularam a nodulação.

  6. Ascensão capilar de água em substratos de coco e de pinus Capillary water rise in coconut and pine bark substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Vinicius Garcia Barreto

    2012-01-01

    Full Text Available O uso da irrigação por capilaridade na produção de mudas em viveiros pode trazer vantagens ao uso de água e sua utilização adequada requer o conhecimento da capacidade de ascensão de água no meio de crescimento das raízes, atributo pouco estudado. Para avaliar esta condição fundamental, este trabalho tem como objetivo avaliar a ascensão de água em substratos comerciais de coco e pinus, em dois padrões de tamanho de partículas e em duas condições de umidade, para indicar aquele que possua as melhores características físicas para aplicação na irrigação por capilaridade. Utilizou-se o método de ascensão capilar, com colunas desmontáveis de anéis preenchidas com substratos, avaliando-se os seguintes tempos de contato do fundo da coluna com a lâmina de água: 0,25, 0,5, 1, 2, 4, 8, 16 e 24 horas, com 10 repetições por tempo testado. Pelos resultados, observou-se que a maior ascensão capilar acumulada em 24 horas de ensaio foi obtida para os substratos de textura fina de coco e de pinus. Além disso, a hidrofobia do substrato de coco seco recomenda que as irrigações nesse material devem ter frequências maiores que substratos de pinus, evitando seu secamento. O substrato de pinus, por não apresentar esse comportamento, deve ter turnos de rega mais espaçados, principalmente sob textura fina. Devido à sua maior retenção de água e capacidade de elevação de água quando umedecido, o substrato fino de coco é mais adequado à irrigação por capilaridade em recipientes como tubetes.The capillary irrigation in nursery production could give advantages in water use and its correct application demands knowledge about capillary water rise through root growth media, an attribute poorly studied. This research had as objective to evaluate water capillary rise in commercial pine and coconut substrates for two particle size distributions and two moisture conditions, to indicate the substrate with the best physical

  7. Germinação e vigor de sementes de Crataeva tapia L. em diferentes substratos = Germination and vigor of Crataeva tapia L. seeds in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilma Pereira Gonçalves

    2007-10-01

    Full Text Available O experimento foi realizado no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, em Areia – Estado da Paraíba, com sementes de trapiá, a fim de estudar o uso de diferentes substratos para avaliação da qualidade fisiológica no teste de germinação. Os substratos consistiram de: vermiculita (T1, bioplant® (T2, bioclone® (T3, areia (T4, plugmix® (T5, rolo de papel (T6 e entre papel em gerbox (T7. Após a distribuição das sementes nos respectivos substratos, foram colocados em germinador a 25oC, sob fotoperíodo de oito horas. Foram computadas: germinação (%, índice de velocidade de germinação e comprimento da parte aérea e da raiz. As sementes distribuídas em rolo de papel apresentaram maiores porcentagens de germinação e menores no bioclone®. Para o índice de velocidade de germinação, não foi verificado efeito significativo dos substratos utilizados. As plântulas apresentaram maiores comprimentos da parte aérea e da raiz no substrato rolo de papel e menores crescimentos no substrato entre papel em gerbox. O substrato rolo de papel é recomendado para avaliação da qualidade fisiológica em sementes de trapiá.The experiment was carried out in the Laboratory of Seed Analysis at the Center for Agricultural Sciences of the Federal University of Paraíba, in Areia – Paraíba State, Brazil, using seeds of trapiá (Crataeva tapia L. to study the use of different substratesfor evaluation of the physiological seed quality in the germination test. The substrates consisted of: vermiculite (T1, bioplant® (T2, bioclone® (T3, sand (T4, plugmix® (T5, rolled paper toweling (T6 and paper layers in gerbox (T7. After the distribution of theseeds in their respective substrates, they were placed in a germinator at 25ºC, under eighthour photoperiods. The following parameters were evaluated: germination (%, germination speed index, and length of aerial part and root. The seeds

  8. Produção de mudas de meloeiro amarelo, sob cultivo protegido, em diferentes substratos Production of yellow melon seedlings in different substrates under protected cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Regina Pelizza

    2013-04-01

    Full Text Available Mudas mal formadas e debilitadas comprometem o desenvolvimento das culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de meloeiro amarelo, sob cultivo protegido, em diferentes substratos. Este trabalho foi conduzido em telado, na Universidade Federal de Pelotas (RS, nos meses de novembro e dezembro. Testaram-se os seguintes substratos: T1 (vermicomposto bovino puro; T2 (substrato comercial Plantmax®; T3 (substrato comercial Húmus Fértil®; T4 (vermicomposto bovino 75% + casca de arroz carbonizada 25% e T5 (solo 75% + vermicomposto bovino 25%. Foram avaliados o índice de velocidade e a percentagem de emergência do 6º ao 9º dia; a altura, o comprimento da raiz principal, a massa seca das raízes e da parte aérea das mudas de meloeiro, aos 27 dias. Os substratos que proporcionaram maior índice de velocidade de emergência das mudas de meloeiro amarelo foram Húmus Fértil®, vermicomposto bovino puro e vermicomposto bovino 75% mais casca de arroz carbonizada 25%. Maior altura da muda é obtida com o substrato Húmus Fértil®. O comprimento da raiz principal foi maior com o uso de vermicomposto bovino puro, Húmus Fértil®, vermicomposto bovino puro mais casca de arroz carbonizada (VB75+CAC25, em comparação com solo 75% mais vermicomposto bovino 25%. A massa seca de raiz foi maior quando utilizado Húmus Fértil®, em comparação com solo 75% mais vermicomposto bovino 25%. É possível utilizar substratos isolados ou em combinação para a produção de mudas de meloeiro amarelo sob cultivo protegido. Porém, deve-se evitar o uso de solo 75% em combinação com vermicomposto bovino 25%.Weak and malformed seedlings compromise the development of the crop. The objective of this study was to evaluate the production of yellow melon seedlings in different substrates under protected cultivation. The experiment was conducted in a greenhouse during November and December, at the Federal University of Pelotas (RS. The following

  9. Avaliações de substratos no enraizamento das estacas de goiabeira em miniestufas de garrafas PET recicladas

    National Research Council Canada - National Science Library

    Lucas Eduardo de Oliveira Aparecido; Estevan Teodoro Santana Penha; Paulo Sergio de Souza

    2013-01-01

    ... a produção comercial de mudas. O objetivo do trabalho foi testar o efeito do uso de miniestufas de garrafas PET recicladas associado a diferentes substratos para o enraizamento de estacas de goiabeira...

  10. Substratos e diferentes concentrações da solução nutritiva preparada em água residuária no crescimento do girassol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Amilton Santos Júnior

    Full Text Available A utilização da água residuária no preparo da solução nutritiva em cultivos semi-hidropônicos, tanto incrementa a oferta de água em regiões de escassez quanto recicla os nutrientes nela contidos disponibilizando-os às plantas. Considerando estes aspectos, buscou-se com o presente trabalho, analisar o crescimento e desenvolvimento de plantas de girassol para fins ornamentais, cultivadas em sistema semi-hidropônico, utilizando água residuária no preparo de soluções nutritivas com concentrações nutricionais crescentes (55; 70; 85 e 100% à base de NPK, e diferentes substratos de cultivo (fibra de coco, areia lavada e bagaço de cana de açúcar. Os tratamentos foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, analisado em esquema fatorial 4x3, com três repetições, totalizando 36 unidades experimentais. Concluiu-se que mesmo com a redução da concentração de NPK da solução nutritiva para 55%, o crescimento de plantas de girassol para fins ornamentais permanece dentro do padrão comercial, desde que seja utilizado água residuária no preparo da solução nutritiva e fibra de coco ou areia lavada como substrato de cultivo.

  11. Production of baruzeiro seedling in different protected environments and substrates Produção de mudas de baruzeiro em diferentes ambientes protegidos e substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2012-08-01

    Full Text Available The high seedlings quality is essential for deployment of homogeneous orchards. This study evaluated the baruzeiro (Dipteryx alata Vog seedlings formation on different substrates within protected environments. It was used substrates with100% of cattle manure; 100% of cassava stems; 100% of vermiculite; 50% of cattle manure + 50% of cassava stems; 50% of cattle manure + 50% of vermiculite; 50% of cassava stems + 50% of vermiculite; and + ⅓ of cattle manure + ⅓ of cassava stems + ⅓ of vermiculite. These substrates were tested in protected areas: greenhouse; black shade net of 50% shading; and aluminized thermo-reflective screen of 50% shading. A completely randomized experimental design with five replicates of four plants was adopted. Initially, data were submitted to analysis of individual variance of the substrates, in each environment of cultivation, then performing the evaluation of the residual mean square and the analysis of these environments together for comparison. The best substrate for baruzeiro seedlings was pure vermiculite. The substrates with 100% of manure and the substrate with 33.33% of the mixed studied materials can be used for seedlings formation. The environment with screen can be indicated for the production of baruzeiro seedlings, since it gave vigor to the seedlings.A qualidade da muda é fundamental para implantação de pomares homogêneos. Desta forma, avaliou-se a formação de mudas de baruzeiro (Dipteryx alata Vog, em diferentes substratos, no interior de ambientes protegidos. Foram utilizados substratos com 100% de esterco bovino; 100% de ramas de mandioca; 100% de vermiculita; 50% de esterco bovino + 50% de ramas de mandioca; 50% de esterco bovino + 50% de vermiculita; 50% de ramas de mandioca + 50% de vermiculita e ⅓ de esterco bovino + ⅓ de ramas de mandioca + ⅓ de vermiculita. Estes substratos foram testados em ambientes protegidos: estufa agrícola; telado de tela preta com 50% de sombreamento e o

  12. Enraizamento de estacas foliares de violeta-africana (Saintpaulia ionantha Wendl. em diferentes substratos Rooting of african violet (Saintpaulia ionantha Wendl. in different substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Lopes

    2005-04-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido com objetivo de avaliar diferentes substratos no enraizamento de estacas foliares de violeta-africana (Saintpaulia ionantha Wendl. O trabalho foi desenvolvido em casa-de-vegetação, com tela de poliolefina 70%, no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre-ES. Utilizaram-se plantas adultas das cultivares New Mexico (flores lilás; Nancy (flores rosas; Stella (flores azuis e Mike (flores brancas, que foram aclimatadas; posteriormente, retiraram-se propágulos compostos por uma folha com pecíolo, reduzida a 2/3 do tamanho original, os quais foram esterilizados em solução de hipoclorito de sódio à concentração de 4%, durante três minutos. Foram utilizados cinco substratos: terra+areia+esterco, areia, pó de xaxim, vermiculita e água destilada, colocados em potes plásticos de 200 mL. O delineamento experimental empregado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições de 10 pecíolos cada. Pelos resultados evidenciou-se que a cultivar Nancy apresentou 100% de enraizamento em todos os substratos após 40 dias. A maior porcentagem de enraizamento foi obtida em estacas mantidas na água e o melhor desenvolvimento inicial no substrato de pó de xaxim.The present study was accomplished with the objective of evaluate different substrates on the rooting of african violet (Saintpaulia ionantha Wendl. The work was carried out in the greenhouse under a shading net (poliolefinas 70% in the Agrarian Science Center of Universidade Federal do Espírito Santo, in Alegre-ES. Were utilized acclimated plants of african violet (Saintpaulia ionantha Wendl, cultivar New Mexico (lilac flowers; Nancy (pink flowers; Stella (blue flowers e Mike (white flowers. The leaf stalks were reduced to 2/3 of the original size, sterilized with a 4% sodium hypochloride during three minutes. The substrates utilized were soil+sand+manure, sand, fern fiber dust, vermiculite and water in plastic pot (200 m

  13. Germinação e vigor de plântulas de Parkia platycephala Benth. em diferentes substratos e temperaturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romário Bezerra e Silva

    Full Text Available RESUMO Conhecida popularmente como fava de bolota, a Parkia platycephala Benth. pertence a família Fabaceae, ocorre em áreas de transição Caatinga-Cerrado e apresenta grande potencial madeireiro, paisagístico e, principalmente, forrageiro. O objetivo da pesquisa é fornecer informações para a elaboração de protocolos de testes de germinação de sementes e vigor de plântulas de P. platycephala, submetidas a diferentes subtratos e temperaturas. Para avaliar o efeito do substrato e da temperatura, as sementes foram semeadas entre os substratos: vermiculita, areia, pó de coco, bagaço da cana-de-açúcar, tropstrato®, papel (RP, marca Germitest e papel mata-borrão, distribuídas em caixas plásticas transparentes, todos sob luz contínua em germinador tipo Biochemical oxygen Demand (B.O.D., com temperaturas constantes de 5; 10; 15; 20; 25; 30; 35 e 40 °C, e temperaturas alternadas de 20-30 ºC e 25-35 ºC. Foram avaliadas as variáveis germinação, índice de velocidade de germinação, tempo médio da germinação, comprimento da raiz primária e da parte aérea, e massa seca da raiz primária e da parte aérea. A temperatura alternada de 25-35 °C combinada com o substrato vermiculita é recomendada para realização de testes de germinação e vigor de P. platycephala.

  14. Caracterização de níquel eletrodepositado em substrato de cobre

    OpenAIRE

    Erik Luis Sardinha Cecconello

    2006-01-01

    As propriedades tribológicas de materiais de engenharia são melhoradas através do uso de revestimentos. Na indústria do aço, a aplicação de revestimentos de níquel em cobre tem propiciado um aumento na vida útil de moldes de lingotamento contínuo. O níquel eletrodepositado aumenta a resistência ao desgaste por abrasão e fricção entre o aço e o cobre utilizado nos moldes. O objetivo deste trabalho foi estudar a morfologia e determinar a porosidade do níquel eletrodepositado em cobre, utiliz...

  15. Estudo qualiquantitativo do biogás produzido por substratos em biodigestores tipo batelada Qualiquantitatve study of biogas produced by substrates in batch biodigestors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João A. Galbiatti

    2010-04-01

    Full Text Available A presente pesquisa foi desenvolvida no Departamento de Engenharia Rural da FCAV/UNESP, SP, Brasil, com o objetivo de se estudar, qualiquantitativamente, o biogás produzido por 5 substratos que, após utilizados na digestão anaeróbia, foram caracterizados como: 1 - Esterco de aves de corte com cama de capim napier (EACN; 2 - Esterco de aves de corte com cama de capim napier triturado (EACNT; 3 - Esterco suíno (ES; 4 - Esterco bovino (EB e 5 - Esterco de bovino misturado com 50% de bagaço de cana-de-açúcar (EB50C. Dos dados levantados concluiu-se que: o substrato EACN e o ES produziram volumes maiores e menores de biogás, respectivamente, comparados com os demais; a mistura de bagaço de cana-de-açúcar no substrato EB prejudica a produção acumulada de biogás e sua qualidade; a partir dos 57 dias após o enchimento dos biodigestores todos os substratos já produziam biogás com teor de metano superior a 48%, com exceção do substrato ES; o substrato triturado (EACNT não apresentou características muito distintas do substrato não triturado (EACN; a qualidade do biogás na fase de produção máxima é semelhante para todos os substratos estudados; o biogás que mostrou maior valor de metano na sua composição foi o produzido com EB, superior em até 17,7% à produção do EACNT.Aiming to study the biogas produced by 5 substrates from both quality and quantity point of view, this research was conducted at the Rural Engineering Department of FCAV/UNESP - Brazil, State of São Paulo. The substractes that were used in the anaerobic digestion were characterized as: 1 - Slaughter fowls' manure with napier grass bed (MFNG; 2 - Slaughter fowls' manure with triturate napier grass bed (MFNGT; 3 - Suine manure (SM; 4 - Bovine manure (BM and 5 - Bovine manure mixed with 50% of sugarcane bagasse (BM50S. From the data colIected it was concluded that: the substract (MFNG and the substract containing SM produced higher and lower volumes of biogas

  16. Análise de crescimento de gérbera de vaso conduzida em diferentes substratos Growth analysis of potted gerbera grown in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Ludwig

    2010-03-01

    Full Text Available O cultivo e o comércio de gérbera em vaso são recentes e há uma grande demanda quanto à seleção de substratos adequados à sua produção. O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o crescimento de duas cultivares de gérbera de vaso, conduzidas com diferentes substratos. O experimento foi realizado em casa de vegetação entre setembro e novembro de 2008, em Botucatu-SP. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso em esquema fatorial 5x2 (substratos x cultivares e quatro repetições. Plantas de gérbera, cultivares Cherry e Red, foram avaliadas quinzenalmente (1, 15, 29 e 43 dias após aclimatação (DAA quanto à área foliar e a fitomassa seca da parte aérea, as quais foram ajustadas em relação ao tempo com o programa ANACRES para obtenção da razão da área foliar (RAF, taxa de crescimento relativo (TCR e taxa de assimilação líquida (TAL. As plantas de gérbera apresentaram melhor desenvolvimento quando conduzidas no substrato 4 (30% casca de pinus, 30% C1, 20% fibra de coco granulada, 20% fibra de coco mista. A seleção de substratos adequados ao desenvolvimento de gérbera deve considerar, principalmente, as características químicas e físicas dos mesmos. Para as cultivares estudadas, valores de pH do substrato inferiores a 5,5 e superiores a 7,0 foram inadequados para o desenvolvimento, bem como densidades úmidas superiores a 530 kg m-3.Cultivation and commercialization of potted gerbera are recent issues and there is a great demand for adequate substrates for its production. This work aimed to evaluate the growth of two potted gerbera cultivars (Cherry and Red grown in different substrates. The experiment was carried out in a greenhouse from September to November 2008 at Botucatu, São Paulo State, Brazil. Experimental design was randomized blocks in a 5x2 factorial arrangement (substrates x cultivars. Gerbera plants leaf area and dry phytomass were evaluated fortnightly (1, 15

  17. Enraizamento de estacas herbáceas de guaranazeiro em diferentes substratos Survival rate of guarana herbaceous cuttings in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Rodrigues de Arruda

    2007-02-01

    Full Text Available A utilização de sementes na propagação do guaranazeiro propicia alta variabilidade na produtividade e suscetibilidade a doenças, por isto, no Amazonas, recomenda-se a propagação do guaranazeiro por meio do enraizamento de estacas herbáceas de materiais selecionados. Objetivou-se com este trabalho, avaliar o enraizamento, em tubetes, de estacas herbáceas de doze clones de guaranazeiro submetidas a três diferentes substratos. Os clones avaliados foram o BRS 300, BRS 871, BRS 372, BRS 648, BRS 189, BRS 505, BRS 610, BRS 612, BRS 850, BRS 882, BRS 608, BRS 611. Os substratos testados foram uma mistura com base em volume de 50 % de solo + 50 % de esterco de galinha (v/v; 50 % de esterco de galinha + 50 % de carvão moído passado em peneira de 10 mm (v/v e substrato comercial para hortaliças (Plantmax®. O substrato comercial e o esterco de galinha + carvão proporcionaram a maior porcentagem de enraizamento das estacas. O clone BRS Amazonas obteve o maior percentual de enraizamento (88,2 %, enquanto o clone BRS 372, o menor (15 %.The propagation of the guarana plants using seeds is nowadays not recommended because the high variability in the productivity and susceptibility to diseases. The cuttings propagation of a select guarana plant clones is recommended for Amazonas State. The objective of this study was to evaluate the survival rate of cuttings of twelve clones of guaraná in three substrates with three replicates. The evaluated clones were: BRS 300, BRS 871, BRS 372, BRS 648, BRS 189, BRS 505, BRS 610, BRS 612, BRS 850, BRS 882, BRS 608, BRS 611. The growing media tested were 50% of soil + 50% of chicken manure (v/v; 50% chicken manure + 50% sieved powdered charcoal (v/v and a comercial growing media for vegetables (Plantmax®. The comercial growing media and the misture of chicken manure + sieved powdered charcoal substrate produced the higher cuttings survival rate. The clone BRS Amazonas showed the highest percentage of survival

  18. Análise comparativa da abundância do coral invasor Tubastraea spp: (Cnidaria, Anthozoa em substratos naturais e artificiais na Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tárcio Santos Mangelli

    2012-06-01

    Full Text Available Os corais exóticos coral-sol (Tubastraea coccinea Lesson, 1829 e T. tagusensis Wells, 1982 invadiram as comunidades biológicas sésseis dos costões rochosos da Baía da Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil. Estruturas artificiais (piers, decks ou cais foram selecionadas em quatro locais na Ilha Grande, e comparadas com substratos naturais adjacentes através de quantificação da densidade de cada espécie de Tubastraea, além da porcentagem de cobertura da biota bêntica. A densidade média geral de Tubastraea tagusensis foi de 80,3 indivíduos.m-2, aproximadamente o dobro encontrado para T. coccinea. Tendo em vista que sua presença alterou as abundâncias relativas e a riqueza de espécies, ambas as espécies invasoras modificaram a estrutura das comunidades invadidas. Tubastraea coccinea foi mais abundante em substratos artificiais do que naturais, porém, não foi detectada diferença na abundância de Tubastraea tagusensis entre substratos. A abundância de ambas as espécies variou com a profundidade e o local, e houve uma relação positiva entre a idade do substrato artificial e a abundância dos corais. Aparentemente T. tagusensis é competitivamente superior à T. coccinea, com uma inserção maior nas comunidades nativas em substratos naturais. Ambas as espécies tem grande potencial competitivo e podem utilizar substratos artificiais para iniciar seu estabelecimento em novos locais.

  19. Produtividade do tomateiro em diferentes substratos e modelos de casas de vegetação Tomato crop production under different substrates and greenhouse models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar A. Carrijo

    2004-03-01

    Full Text Available Um experimento com a cultura do tomate, foi instalado na Embrapa Hortaliças em Brasília, durante os anos de 2000 e 2001, para avaliar a produção do tomateiro em diferentes substratos e casas de vegetação. Os substratos utilizados foram casca de arroz, casca de arroz parcialmente carbonizada, fibra de coco verde, lã de rocha, maravalha, serragem e substrato para produção de mudas utilizado na Embrapa Hortaliças (150 L de terra de subsolo, 50 L de casca de arroz parcialmente carbonizada e 17 L de esterco de galinha. Os modelos de casas de vegetação utilizados foram teto em arco, arco com teto convectivo e capela. Não foi verificada diferença estatística significativa quanto a produção de frutos comerciais entre os substratos fibra de coco (10,4 kg m-2, serragem (9,3 kg m-2, casca de arroz carbonizada (9,3 kg m-2 e maravalha (9,0 kg m-2. A menor produção foi obtida com o substrato lã de rocha (6,4 kg m-2. Houve redução da produção entre os anos de cultivo, em torno de 33%, em decorrência de um intenso ataque de traça do tomateiro (Tuta absoluta em todas as casas de vegetação, prejudicando a produtividade. O maior peso médio dos frutos foi obtido sobre a fibra de coco (128 g m-2 e casca de arroz carbonizada (123 g m-2, independente do modelo de casa de vegetação utilizado.The trial was carried out at Embrapa Hortaliças, in Brasilia, Brazil, to evaluate the performance of tomato crop production during two years (2000 and 2001, under three greenhouse models and different types of substrates. The greenhouse models were arch roof; even span and an arch roof with upper convective aperture. The substrates were rice husk, carbonized rice husk, coconut fiber, sawdust, coarsed sawdust, rockwool and a substrate for seedling production used at Embrapa Hortaliças. No significant statistical difference was verified for tomatoes cultivated in coconut fiber (10,4 kg m-2, sawdust (9,9 kg m-2, carbonized rice husk (9,3 kg m-2 and

  20. Desenvolvimento vegetativo inicial de porta-enxertos cítricos cultivados em diferentes substratos Vegetative development of citrus rootstocks seedlings cultivated in different growing media

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar Schäfer

    2006-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento vegetativo de porta-enxertos cítricos em diferentes substratos de cultivo, foi instalado um experimento, conduzido em casa de vegetação, com sistema de irrigação por microaspersão, na Estação Experimental Agronômica da UFRGS, a partir do dia 27 de setembro de 2001. O delineamento experimental adotado foi em blocos ao acaso, em esquema de parcela subdividida, com quatro repetições. Nas parcelas principais, foram testados substratos, sendo dois encontrados no comércio especializado em horticultura (Comercial 1 e 2 e uma mistura (turfa mais casca de arroz carbonizada - na proporção de 1:1 em v:v. Nas subparcelas, foram testados quatro porta-enxertos cítricos ("Trifoliata", Citrange "C13", Citrange "C37" e Limoeiro "Cravo". Os principais resultados demonstram que é possível produzir porta-enxertos, na fase de sementeira, com bom tamanho e desenvolvimento radicular, com 120 dias após a semeadura, e que as características químicas dos substratos são determinantes para o desenvolvimento adequado dos porta-enxertos, sendo prejudicial a salinidade elevada.The present study was aimed at evaluating the vegetative development of citrus seedlings rootstocks cultivated in different substrates. The experiment was installed at greenhouse conditions in the Estação Experimental Agronômica UFRGS, from September 27, 2001. The experimental design used was that of randomized blocks, in a split plot scheme, with four replications. In the main parcels were tested substrate, two commercial, found in the specialized trade in horticulture and a mixture. In the sub parcels were tested four citrus rootstock (Trifoliate orange, 'C13' Citrange, 'C37' Citrange and 'Rangpur' Lime. The main results showing that is possible to produce citrus rootstock seedlings with good size and root development, with 120 days after sowing. The chemistries characteristics of the substrate are decisive for the appropriate

  1. Cultivo de manjericão em hidroponia e em diferentes substratos sob ambiente protegido Culture of basil in substrata and hydroponic systems under protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila C. Fernandes

    2004-06-01

    Full Text Available Entre as ervas aromáticas, o manjericão possui importância econômica no Brasil, sendo seu consumo tanto in natura quanto para processamento industrial, na obtenção de óleo essencial. Porém, as informações quanto à qualidade aromática dessas plantas em função das técnicas de cultivo são escassas. Avaliou-se a produtividade de duas espécies de manjericão, de folha estreita (Ocimum minimum L. e de folha larga (Ocimum basilicum L. em ambiente protegido. Os sistemas de cultivo utilizados foram: 1 hidroponia (floating; 2 substrato preparado e 3 substrato comercial. As amostragens foram realizadas durante o período de florescimento das plantas. O experimento foi realizado em Campinas (SP, em casa de vegetação com controle de umidade e iluminação naturais, utilizando-se o delineamento inteiramente casualizado, com três repetições. Foram avaliados também o rendimento e composição química dos óleos essenciais das plantas. O sistema hidropônico apresentou a maior produtividade de massa verde, aproximadamente 44% superior aos outros dois tipos de cultivo, para ambas as espécies estudadas. Não houve diferença significativa entre as formas de cultivo quanto ao rendimento e composição química dos óleos essenciais dentro da mesma espécie. Quanto à produção de óleo essencial, as plantas de manjericão de folha estreita apresentaram rendimento aproximadamente 10% mais elevado em relação às de folha larga, além de diferenças significativas na composição dos óleos essenciais entre as espécies.Among the aromatical herbs, basil is of great economic importance in Brazil. This species is used as fresh herb and also for essential oil extraction. To evaluate the productivity of basil in protected environment, two species, Ocimum minimum L. (narrow leaf basil and Ocimum basilicum L. (wide leaf basil were cultivated under greenhouse conditions, using a hydroponic system and two types of substrata. The experiment was

  2. Qualidade de mudas de Moringa oleifera Lam. cultivadas em substratos com fibra de coco verde e compostos orgânicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Aparecida Rodrigues

    Full Text Available RESUMO A Moringa oleifera Lam. (moringa é uma espécie vegetal com grande potencial de uso nos setores alimentício, medicinal e forrageiro, no processo de clareamento e descontaminação de água, produção de biocombustível, dentre outros. Técnicas de produção de mudas com uso de resíduos regionais são apropriadas para a introdução desta espécie em comunidades carentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar as respostas nutricionais e de crescimento de mudas de moringa, cultivadas em substratos com diferentes concentrações de fibra da casca de coco verde (FCV, associadas a composto orgânico (CO. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados. Foram testados dois compostos orgânicos: o composto de lixo urbano (CLU e o vermicomposto (VC associados a FCV em várias proporções volumétricas (CO:FCV: 0:100; 25:75; 50:50; 75:25 a 100:0%. Após 51 dias de cultivo, foi observado que o aumento da concentração de FCV em relação ao composto orgânico reduziu a altura, a massa da matéria seca, o Índice de Qualidade de Dickson e os conteúdos de N, P, K, Ca e Mg das mudas. Não houve diferença, para essas características comparando-se o uso do composto de lixo urbano e o do vermicomposto. Substratos com 100% de FCV e sem adubação complementar ocasionaram sintomas de deficiência de N nas mudas de moringa.

  3. Produção de mudas de alface em função de diferentes combinações de substratos Production of lettuce seedlings for different combinations of substrata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilson Araújo de Freitas

    2013-03-01

    Full Text Available O substrato utilizado na produção de mudas exerce papel primordial, no desenvolvimento inicial da planta. Neste sentido, com o presente trabalho objetivou-se avaliar a produção de mudas de alface em função de diferentes combinações de substratos. O experimento foi implantado seguindo um delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os 20 tratamentos foram dispostos em esquema fatorial 4x5; sendo o primeiro fator constituído por quatro substratos (PlantHort I, PlantHort II, PlantHort III e substrato comercial Plantmax® e o segundo constituído de cinco níveis de casca de arroz carbonizada (0; 25; 50; 75; 100%. Foi utilizada a cultivar de alface Elba (Lactuca sativa L.. As sementes foram semeadas nos diferentes substratos contidos em bandejas de poliestireno expandido, com 128 células, na profundidade 0,5 cm. O aumento da porcentagem de casca de arroz carbonizada nos substratos avaliados apresentou comportamentos semelhantes em todas as características avaliadas. Os substratos PlantHort I, PlantHort II, PlantHort III considerados alternativos, independentemente da proporção adicionada de casca de arroz carbonizada proporcionaram maiores crescimentos em relação ao substrato comercial Plantmax®.The substratum used in seedling production has a key role in the initial development of the plant. To this effect, the present work aimed to evaluate the production of lettuce seedlings for different combinations of substrata. The experiment was set up following a completely randomized design with four replications. The 20 treatments were arranged in a 4x5 factorial, the first factor consisting of four substrata (PlantHort I, PlantHort II, PlantHort III and the commercial substratum Plantmax® and the second consisting of five levels of burnt rice husks (0, 25, 50 , 75, 100%. The lettuce cultivar used was Elba (Lactuca sativa L.. The seeds were sown in the different substrates contained in polystyrene trays of 128 cells, at

  4. Enraizamento de manjericão em diferentes substratos e doses de cinzas Stem rooting of basil in different substrates and doses of ash

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.M. Silva

    2012-01-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar a influência de doses de cinzas em diferentes substratos no enraizamento de estacas de manjericão (Ocimum basilicum. O experimento foi conduzido em área do Núcleo de Capacitação e Pesquisa da Universidade Federal Rural da Amazônia, em Belém. Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, constituído pelas combinações entre os fatores substratos (casca de arroz carbonizada e casca de castanha triturada e acréscimo de cinzas (5 mL e 10 mL de cinza de casca de arroz, 5 mL e 10 mL de cinza de casca de castanha e sem cinza com 4 repetições. Cada unidade experimental foi constituída por 10 estacas, num total de 400 estacas. Foram avaliadas as características percentual de enraizamento de estacas, número e comprimento de raízes. Não houve interações significativas entre os fatores avaliados (substrato e cinzas. Entre as características avaliadas o substrato casca de arroz carbonizada apresentou diferenças apenas no comprimento da raiz e no número de raízes, enquanto as dosagens de cinzas apresentaram diferenças apenas no percentual de enraizamento. O trabalho permitiu concluir que as dosagens de cinzas apresentaram efeito positivo sobre o enraizamento das estacas de manjericão, assim como o substrato a base de casca de arroz carbonizada propiciou melhores condições para o desenvolvimento das raízes. Assim, a casca de arroz é uma alternativa totalmente viável, pois além de apresentar características apropriadas para o enraizamento também possui baixo custo de aquisição, estando ao alcance de muitos produtores.The study aimed to evaluate the influence of ash doses on different substrates on the stem rooting of basil (Ocimum basilicum. The experiment was conducted in the area of core training and research at the Universidade Federal Rural da Amazônia, in Belém, used a completely randomized design, factorial scheme 2 x 5 consisting

  5. CINÉTICA DA DIGESTÃO RUMINAL, DE DIETAS COMPOSTAS COM CAMA DE FRANGOS, UTILIZANDO COMO SUBSTRATO A CASCA DE CAFÉ, EM BOVINOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Banys

    2006-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a composição química e a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS, da proteína bruta (PB e de fibra em detergente neutro (FDN, de rações isoenergéticas e isoprotéicas, com diferentes níveis (0%, 10%, 20%, 30% e 40% de substituição do farelo da algodão, por cama de frangos, tendo como substrato a casca de café. Utilizaram-se quatro vacas secas fistuladas no rúmen, nas quais foram incubadas amostras de volumoso, cama de frangos, MDPS e rações experimentais por 0, 1, 4, 8, 12, 36 e 72 h. Os dados obtidos sobre a degradabilidade foram ajustados para uma regressão não-linear pelo método de Gauss-Newton. Os resultados obtidos permitiram avaliar que, com o aumento dos níveis de cama de frangos, os valores da degradabilidade efetiva da matéria seca e da fibra em detergente neutro aumentaram em relação à ração sem resíduo, observando-se semelhança da degradabilidade efetiva da proteína bruta. Com base neste experimento, concluiu-se que a substituição do farelo de algodão pela cama de frangos, até o nível de 40%, é possível, pois não se observou efeito sobre a degradabilidade efetiva da matéria seca, da proteína bruta e a de fibra em detergente neutro. PALAVRAS-CHAVE: Cama de frangos, degradabilidade, substrato.

  6. Micorrizas arbusculares no crescimento de mudas de sabiá em um substrato proveniente da mineração de manganês

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kaio Gráculo Vieira Garcia

    2016-04-01

    Full Text Available O manganês (Mn é considerado um micronutriente essencial às plantas, porém o seu excesso pode resultar em toxidez, causando clorose e necrose nas folhas. O uso de leguminosas inoculadas com fungos micorrízicos arbusculares tem se tornado uma importante estratégia do ponto de vista da remediação de áreas contaminadas com metais como é o caso do manganês. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento de mudas de Mimosa caesalpiniaefolia Benth. inoculadas com micorrizas arbusculares sob condições de substrato esterilizado e natural proveniente de uma área de mineração de Mn do município de Ocara – CE. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x2, considerando-se: quatro tratamentos de inoculação (controle não-inoculado, inoculado com Glomus clarum, inoculado com Glomus etunicatum e com a mistura dos dois fungos (Mix e duas condições de substrato (estéril e natural, com quatro repetições. As mudas de sabiá foram produzidas em bandeja de isopor, sendo transplantadas e inoculadas em vasos após treze dias da semeadura. Após trinta dias do transplantio foram realizadas avaliações de altura da parte áerea, diâmetro do colo, número de folíolos e porcentagem de sobrevivência. A inoculação com fungos micorrízicos arbusculares favoreceu o crescimento das mudas de sabiá em substrato da mineração de manganês, em condições naturais, principalmente quando se utilizou o Glomus etunicatum. No substrato esterilizado a inoculação com micorrizas arbusculares proporcionou a atenuação da toxidez de Mn nas mudas de sabiá favorecendo o crescimento das mesmas nestas condições.Arbuscular mycorrhiza on the growth of sabiá seedlings on a substrate from the manganese miningAbstract: Manganese (Mn is considered an essential micronutrient to plants but its excess can result in toxicity causing chlorosis and necrosis on

  7. CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DA ALFACE (Lactuca sativa L. CONDUZIDA EM ESTUFA PLÁSTICA COM FERTIRRIGAÇÃO EM SUBSTRATOS GROWTH AND DEVELOPMENT OF LETTUCE (Lactuca sativa L. IN A PLASTIC GREENHOUSE WITH FERTIRRIGATION IN SUBSTRATES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Aquiles Martins Medeiros

    2001-04-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos, um cultivo no outono e outro no inverno de 1998, em estufa plástica localizada no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria, com o objetivo de estudar a influência da fertirrigação em substratos no crescimento e desenvolvimento da alface, cultivar Brisa. Os tratamentos, com e sem fertirrigação, foram constituídos pelos substratos húmus de minhoca mais casca de arroz natural (H+CN, húmus de minhoca mais casca de arroz carbonizada (H+CC e solo como testemunha, constituindo um bifatorial 3x2. A fertirrigação foi realizada em função da condutividade elétrica (CE da solução drenada dos substratos. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados com quatro repetições. Semanalmente, foram determinados o número de folhas por planta, a massa fresca e seca da parte aérea das plantas e o índice de área foliar. Avaliou-se, ainda, a capacidade de retenção de água (CRa dos substratos isolados e das misturas, antes e após os cultivos. A CRa dos substratos aumentou ao longo dos cultivos enquanto a do solo permaneceu constante. Os substratos irrigados com solução nutritiva proporcionaram maior número de folhas, maior produção de massa fresca e seca da parte aérea e maior índice de área foliar do que quando irrigados apenas com água, sendo que os substratos H+CN e H+CC foram significativamente mais produtivos do que o substrato testemunha em ambos os cultivosIn order to study the effects of fertirrigation in growing substrates on the development of lettuce cultivar Brisa, two essays were conducted, one during the fall of 1998 and the other during the winter, in a plastic greenhouse in the Federal University of Santa Maria. The treatments with and without fertirrigation were constituted by earthworm humus plus rice hulls (H+CN, earthworm humus plus carbonized rice hulls (H+CC and pure soil as check. The fertirrigation timing was established by monitoring

  8. Cultivo e características nutricionais de Pleurotus em substrato pasteurizado Cultivation and nutritional characteristics of Pleurotus grown in pasteurized substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Bernardi

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade, eficiência biológica, massa fresca, composição centesimal dos cogumelos Pleurotus ostreatus (BF24 e Pleurotus sajor-caju (PSC96/03 e PSC01/06 produzidos no substrato capim-elefante (Pennisetum purpureum pasteurizado e a relação Carbono/Nitrogênio inicial e final do substrato. O substrato seco e particulado a 2 cm foi umedecido por 24 horas e pasteurizado a 100 ºC durante 30 minutos. Adicionaram-se 3% de inóculo de cada linhagem, sendo acondicionado em embalagens de polipropileno com 1 kg cada uma. Os substratos foram incubados a 26 ºC e na fase de frutificação a 23±3 ºC e umidade relativa de 75% a 90%. Na linhagem BF24 observou-se maior massa fresca (281,19g, eficiência biológica (112,46% e produtividade (28,11%. O substrato com relação Carbono:Nitrogênio inicial de 162:1 foi o de menor relação (68:1 após o cultivo do P. sajor-caju (PSC01/06. A linhagem PSC96/03 proporcionou maior teor de proteína em relação às demais, tendo a BF24 maior teor de lipídios. Quanto ao teor de carboidratos e cinzas, nas diferentes espécies e linhagens não houve diferenças significativas; já para a quantidade de fibras, as linhagens BF24 e PSC01/06 foram similares, porém superiores a PSC96/03. As duas espécies de Pleurotus podem ser cultivadas em capim-elefante pasteurizado, suprimindo o processo de compostagem.The objective of this work was to evaluate the productivity, biological efficiency, fresh matter, and centesimal composition of mushroom Pleurotus ostreatus (BF24 and Pleurotus sajor-caju (PSC96/03 and PSC01/06 grown in pasteurized elephant grass substrate (Pennisetum purpureum. It was also assessed the initial and final Carbon/Nitrogen ratio. The dried 2-cm-particulate substrate was moist for 24 hours and pasteurized at 100ºC during 30 minutes. Then, it was added 3% of inoculum of each strain. The substrate was placed into 1-kg polypropylene bags. The bags were incubated

  9. Consumo hídrico e desempenho de Kalanchoe cultivado em substratos alternativos Water absorption and performance of the Kalanchoe grown in alternative substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Rossana Castro de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Com o crescente consumo de flores e plantas ornamentais de vaso, a busca por elementos alternativos para substratos torna-se necessária, a fim de reduzir os custos da produção. Além disso, é importante quantificar as características físico-hídricas de forma a estabelecer o calendário de irrigações com base nesses materiais. A partir disso, este trabalho teve por objetivos avaliar o desempenho e o consumo de água de Kalanchoe blossfeldiana Poelln, cultivar 'Gold Jewel', em 10 substratos alternativos, e definir os mais indicados para a produção comercial nas condições ambientais da região centro-oeste do Estado do Rio Grande do Sul. Foram testados substratos compostos por diferentes proporções de casca de arroz carbonizada, cinzas de casca de arroz, matéria orgânica doméstica decomposta, esterco bovino e esterco de aves. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. No final do ciclo, foram avaliados: altura, número de folhas, número de inflorescências, número de flores e diâmetro da copa das plantas nos diferentes tratamentos. Por meio dos resultados, pode-se concluir que, para produção de plantas, os substratos mais indicados são 100% em volume de matéria orgânica e 50% em volume de matéria orgânica +50% em volume de esterco bovino.With the increase in the flowers and ornamental crops consumption, the search for alternative elements to the substrates, became to necessary reduce spends the production. Besides, it's important to quantify the physics - hydric characteristics and the manner to establish the calendar of the irrigations using these materials. Based in this, this research had as the mainly purpose to evaluate the performance and the water consumption of the Kalanchoe blossfeldiana Poelln, cv. Gold Jewel in ten alternative substrates and to define the most indicated to the commercial production in environmental

  10. Caracterização morfológica do ramo, sementes e plântulas de matayba guianensis Aubl. e produção de mudas em diferentes recipientes e substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francielli Bao

    2014-02-01

    Full Text Available Matayba guianensis Aubl. é uma Sapindaceae de porte arbustivo ou arbóreo de grande ocorrência no Cerrado brasileiro, com papel fundamental no fornecimento de recursos para formigas e abelhas. Apresenta rápido crescimento e é importante para recuperação de áreas degradadas, mas pouco se conhece sobre a sua produção de mudas. Diante disso, o objetivo deste estudo foi descrever a morfologia do ramo e da germinação de sementes e plântulas de Matayba guianensis Aubl. em seu desenvolvimento pós-seminal, bem como definir o tipo de substrato e recipiente adequados para emergência de plântulas e produção de mudas desta espécie. Foram avaliados três tipos de recipientes: saco de polietileno preto; tubete e bandeja de isopor, com cinco tipos de substratos: areia; terra; terra-areia-esterco (1:1:1; substrato comercial e fibra de coco, com quatro repetições de 25 sementes em cada tratamento. O ramo, fruto, semente, plântulas e seus eventos morfológicos foram descritos. O ramo é cilíndrico, com folhas paripinadas e alternas; fruto seco, deiscente e sementes com grande quantidade de arilo; a germinação é criptocotiledonar e hipógea. Sua maior porcentagem de emergência ocorreu no recipiente isopor com 91% das sementes germinadas em substrato comercial, seguida de fibra de coco (88%. O desenvolvimento da raiz e do caule foi maior em tubete e em saco plástico, utilizando-se substrato comercial ou fibra de coco.

  11. Adubação de orquídeas em substratos com fibra de coco Fertilization of orchids in substrates with coconut fiber

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tátila Lima do Amaral

    2010-02-01

    Full Text Available Objetivou-se, nesta pesquisa, avaliar a eficiência de substratos e doses de adubação sobre o crescimento e teores foliares de nutrientes de híbridos de orquídeas do gênero Phalaenopsis. O estudo constou de dois experimentos conduzidos em substrato com fibra de coco industrializada (Sub 1 e não industrializada (Sub 2, em mistura com casca de Pinus e brita zero (1:1:1 v/v/v, em delineamento de blocos casualizados. O primeiro experimento, em esquema de parcelas subdivididas no tempo (06 e 12 meses, com cinco repetições, avaliou o híbrido RJ 343, nos dois substratos, sob quatro doses de adubo mineral (0; 0,9; 1,2; 1,5 g L-1 e dois tratamentos adicionais [aplicação foliar de Aminon® (0,5 ml L-1 na dose de 1,2 g L-1, no Sub 1 e Sub 2]. O segundo avaliou o híbrido RJ 84-2, nos dois substratos, com as mesmas doses de adubo mineral e aplicação foliar de Aminon® (0 e 0,5 ml L-1, em esquema de parcelas subsubsubdivididas no tempo (6 e 12 meses, com três repetições. Avaliaram-se número de folhas, área foliar, área superficial de raízes, massa seca de folhas, raízes e total, e teores foliares de N, P e K. O Aminon® não teve efeito sobre o crescimento dos híbridos. O aumento da adubação promoveu aumento de crescimento, exceto de raízes, sendo o maior crescimento observado sob a dose de 1,5 g L-1 de adubo mineral. O Sub 2 promoveu maior crescimento das plantas do híbrido RJ 343, enquanto o Sub 1 promoveu maior crescimento do híbrido RJ 84-2.The research objective was to evaluate the efficiency of substrates and fertilization levels on the growth and leaf nutrient contents of orchid hybrids of the genus Phalaenopsis. The study consisted of two experiments in carried out with industrialized coconut fiber (Sub 1 and non-industrialized coconut fiber (Sub 2, in mixture with Pinus bark and grade zero gravel (1:1:1 v/v/v in randomized blocks. The first experiment in a split-plot scheme in time (6 and 12 months with five replications

  12. Disponibilidade de boro em substrato para produção de porta-enxertos de citros em fase de sementeira Boron availability in the growth media for production of citrus rootstock seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirceu Mattos Junior

    2008-12-01

    Full Text Available A produção de mudas cítricas em ambiente protegido, associada ao uso de substratos, requer estratégias adequadas de manejo no viveiro. Problemas de falta e/ou excesso de nutrientes freqüentemente causam prejuízos ao setor. Em citros ocorrem diferentes respostas à disponibilidade de boro (B para a planta e são comuns danos causados pela toxidez desse nutriente. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da adição de B no substrato sobre a absorção e o crescimento de duas variedades de porta-enxertos de citros em fase de sementeira. O experimento foi desenvolvido em esquema fatorial, com limão 'Cravo' e citrumelo 'Swingle' e quatro doses de B misturadas ao substrato na forma de H3BO3 (0, 3, 6, e 12 g m-3 de B, em três repetições. Avaliaram-se os teores de B no substrato no início do experimento, aos 55 e 110 dias de sementeira, e o crescimento dos seedlings e a absorção de B pelas plantas nos mesmos intervalos. Os teores de B no substrato variaram entre 0,1 e 4,7 mg L-1. Aos 55 e 110 dias, houve decréscimo nos teores do nutriente nas plantas provavelmente devido às perdas do nutriente do substrato por lixiviação. Observaram-se sintomas visuais de fitotoxicidade de B nos porta-enxertos cultivados no substrato tratado com 3 g m-3 de B, quando o teor na planta foi >100 mg kg-1. O excesso de B causou redução no crescimento dos porta-enxertos. O maior crescimento e acúmulo de B na massa seca de plantas de citrumelo 'Swingle', comparado ao 'Cravo, indicam maior tolerância do primeiro à fitotoxicidade de B.The production of citrus nursery trees under protected environment using growth media requires healthy management practices. Problems associated with deficiency and/or nutrient excess have frequently caused economic losses in the nursery. Citrus grow differently depending on boron (B availability in the growth media, even tough B toxicity commonly cause damage to plants. This research aimed to evaluate the effects

  13. Ex vitro acclimatization of Cattleya forbesii and Laelia purpurata seedlings in a selection of substrates = Aclimatização ex-vitro de mudas de Cattleya forbesii e Laelia purpurata em diferentes substratos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Donato Seidel Júnior

    2011-01-01

    Full Text Available Four substrates were compared (peat, no. 2 gravel only, mixture of no. 2 gravel and peat at a 3:1 ratio, and xaxim for use in ex vitro growth of Cattleya forbesii and Laelia purpurata - Orquidacea. A substrate x species interaction was observed for the variables vigor and height, showing that each species has its own specificity for substrate. For C. forbesii, xaxim placed first in two of the four assessed parameters. Next came the gravel:peat substrates and peat in the second position for two parameters and in third place for two. In last place was gravel, which was in fourth place for all four parameters assessed. For L. purpurata, the substrates with the greatest number of parameters in first and second positions were gravel:peat and peat, both with two first positions, one second and one third. Next was xaxim, which had one second position, two third positions and one fourth. As thelast came gravel, which had one second position and three fourth positions. Xaxim was the best substrate for C. forbesii, but could be replaced, with a minor reduction in performance, by the no. 2 gravel:peat mixture. For L. purpurata, the best substrate was no. 2 gravel:peat mixture. The low effectiveness of the no. 2 gravel substrate when compared with no. 2gravel:peat provides evidence of the importance of organic matter for these orchids.Quatro substratos (turfa, pedra brita nº 2, mistura de turfa: pedrabrita nº 2 na proporção 1:3 e xaxim foram testados sobre o crescimento ex-vitro de Cattleya forbesii e Laelia purpurata – Orquidácea. Foi observada interação significativa entre substrato xespécie para as variáveis vigor e altura, demonstrando que cada espécie tem sua especificidade para o substrato. Para a C. forbesii, o xaxim obteve duas primeiras posições em todos os quatro parâmetros avaliados. Em seguida, vieram os substratos turfa:pedra brita nº 2 e a turfa com dois parâmetros ocupando a segunda posição e dois, a terceira. Por último a

  14. Aclimatização e crescimento de plântulas de mirtileiro 'climax' micropropagadas em função do substrato e da cobertura plástica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Regina Pelizza

    2011-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a aclimatização e o crescimento de plântulas micropropagadas de mirtileiro (Vaccinium ashei cv. Climax, em função do substrato e da cobertura plástica, durante os meses de abril a dezembro de 2008. Foram utilizados três substratos (casca de arroz carbonizada + Húmus Fértil®, Plantmax® + vermiculita e solo + serragem jovem de Pínus e dois sistemas de cobertura (com e sem cobertura plástica sobre as plântulas. As plântulas, acondicionadas em sacos plásticos com os respectivos substratos e sistemas de cobertura, permaneceram em casa de vegetação com temperatura controlada, por 30 dias. Após, permaneceram por 60 dias sem controle ambiental e, em seguida, foram transferidas para telado. A partir de 30 dias, foram avaliados a percentagem de sobrevivência e o incremento de altura das plântulas. Ao término do experimento, foi avaliada a massa fresca e seca da parte aérea e da raiz das plântulas. A percentagem de sobrevivência das plântulas de mirtileiro em substrato Plantmax® + vermiculita é igual quando utilizada ou não a cobertura plástica. O uso da cobertura plástica não foi eficiente para incrementar a altura média das plântulas nos substratos Plantmax® + vermiculita e solo + serragem jovem. A maior massa seca de parte aérea foi obtida com o uso de Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica sobre as plântulas. Plantmax® + vermiculita com e sem cobertura plástica proporcionam maior massa seca radicular que os demais substratos e respectivos sistemas de cobertura, porém Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica é superior a Plantmax® + vermiculita com cobertura plástica. De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que o melhor substrato e sistema de cobertura para a aclimatização e o crescimento de plântulas de mirtileiro 'Climax' são Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica.

  15. Cultivo de Cattleya Lindley (Orchidaceae em substratos alternativos ao xaxim = Alternative substrates for Cattleya (Orchidaceae cultivation to substitute the tree fern fiber

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Kaoro Yamakami

    2006-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar substratos alternativos ao xaxim no cultivo de um híbrido de Cattleya Lindley. Os substratos avaliados foram: xaxim; fibra de coco; casca de pínus + casca de arroz carbonizada (1:1v/v; casca de pínus+casca de arroz carbonizada (2:1v/v; casca de pínus+casca de arroz carbonizada (1:2v/v; casca de pínus e casca de arroz carbonizada. As mudas foram cultivadas em vasos de polipropileno, permanecendo em viveiro com 70% de luminosidade Os parâmetros avaliados um ano após o início do experimento foram: massa de matéria fresca total, altura da parte aérea, comprimento do pseudobulbo, comprimento da maior raiz, número de raízes, número de brotos, número de flores, pH e condutividade elétrica. O substrato constituído de fibra de coco proporcionou bons resultados, podendo ser considerado alternativo ao xaxim no cultivo deCattleya.The objective of this study was to evaluate alternative substrates tosubstitute tree fern fiber for cultivation of hybrids from the Cattleya species. Seedlings were cultivated in polypropylene vases, kept in screen shadowed nursery by a 70% of lighting. The following substrates were evaluated: tree fern fibers; coconut fiber; pinus bark+carbonized rice hull (1:1 v/v; pinus bark+carbonized rice hull (2:1 v/v; pinus bark+carbonized rice hull (1:2 v/v; pinus bark and carbonized rice hull. One year after the experiment, the followingparameters were evaluated: fresh matter mass, aerial part height, pseudobulb length, greater root length, number of buds, number of flowers, pH and electric conductivity. The substrate composed of coconut fiber showed better results, and can be used as the alternative substrate to tree fern fiber in the cultivation of Cattleya.

  16. Crambe seed germination under the influence of temperature and substrateGerminação de sementes de crambe em diferentes temperaturas e substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Gustavo Pilau

    2012-10-01

    Full Text Available Crambe, native from Mediterranean zone, belonging to the Brassicaceae family, is a rustic crop that e merges as a productive alternative, with a potential for the production of feedstock for biodiesel, with emphasis on its oil quality. This study aimed to evaluate the effects of temperature and substrate on seed germination crambe, FMS Brilhante cultivar. The experimental design was completely randomized in a factorial 2 x 7 (temperature x substrate with 4 replicates of 25 seeds. The seeds were placed on substrates Germitest® paper and clay soil + sand and subjected to temperatures of 9°C, 12°C, 15°C, 20°C, 25°C, 30°C and 35°C. Seed germination percentage and germination speed index were evaluated. The temperature of 25°C is ideal for testing the seed germination of crambe. Temperatures below of 12°C and above of 30°C are detrimental to the germination process. The substrates germitest® paper and sand + clay soil are suitable for testing germination, since observed temperature of execution. The use of paper substrate at temperatures lower than 20°C underestimate the seed germination.Pertencente a família das Brassicaceae, nativo da zona Mediterrânea, o crambe é uma planta rústica que surge como mais uma alternativa produtiva, com potencial para a produção de matéria-prima para biodiesel, com destaque na qualidade de seu óleo. O trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos de diferentes temperaturas e substratos na germinação de sementes de crambe, cultivar FMS Brilhante. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado no esquema fatorial 7 x 2 (temperaturas x substratos com 4 repetições de 25 sementes. As sementes foram colocadas em substratos papel Germitest® e solo argiloso + areia e submetidas ao teste de germinação sob temperaturas de 9°C, 12°C, 15°C, 20°C, 25°C, 30°C e 35°C. Foram avaliados a porcentagem e o índice de velocidade de germinação. A temperatura de 25°C é a ideal para a realiza

  17. Produção de mudas de goiabeira (Psidium guajava L., inoculadas com o fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum, em substrato agro-industrial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SCHIAVO JOLIMAR ANTONIO

    2002-01-01

    Full Text Available Conduziu-se um experimento em casa de vegetação, com o objetivo de avaliar o crescimento de mudas de goiabeira (Psidium guajava L., produzidas em blocos prensados, confeccionados com resíduos agro-industriais, e inoculadas com o fungo micorrízico arbuscular (FMA Glomus clarum Nicolson & Schenck. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 2, sendo 2 tratamentos microbiológicos: controle e FMA; e 2 sistemas de produção de mudas: blocos prensados (nova metodologia e tubetes plásticos (tradicional, com 5 repetições. O substrato utilizado para a confecção dos blocos prensados e enchimento dos tubetes foi constituído por uma mistura de bagaço de cana-de-açúcar e torta de filtro (3:1 v/v. O FMA proporcionou aumentos significativos na produção de matéria seca, conteúdo de N e P da parte aérea da goiabeira, apenas no sistema de produção das mudas em blocos prensados. Mudas produzidas e inoculadas em blocos prensados mostraram um aumento de 88% na matéria seca da parte aérea, 82% e 89% para os conteúdos de nitrogênio e fósforo da parte aérea, respectivamente, em relação ao tratamento-controle.

  18. Development of clonal matrices of australian red cedar in different substrates under fertilizer doses Desenvolvimento de matrizes clonais de cedro Australiano em diferentes substratos sob doses de fertilizantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Peres Benatti

    2012-06-01

    Full Text Available In order to evaluate fertilizers doses in different substrates for growth and development of clonal matrices of Australian Red Cedar [Toona ciliata var. australis (F. Muell. Bahadur], an experiment was conducted in a greenhouse. Five substrates were evaluate, with proportions by volume, the first consisting of 100% of Multiplant florestal®, the second of 50% vermiculite, 20% carbonized rice hulls, 20% soil and 10% coconut fiber, the third with 50% soil and 50% sand, the fourth was composed by 50% Multiplant florestal®, 10% soil and 40% coconut fiber and the fifth with 65% of Multiplant florestal®, 25% vermiculite and 10% carbonized rice hulls. The fertilizers doses applied were 0.0; 0.3; 0.6; 1.2; 2.4 of fertilization suggested by Malavolta (1980 for vases. The characteristics evaluated were: collar diameter of the matrices, production of dry mater by shoots, root system and total and accumulation of nutrients by shoot at the end of the experimental period of 150 days. The Australian Red Cedar plants have high nutritional requirements, as showed by the better development obtained with higher fertilizer doses than those suggested by Malavolta (1980. The substrate three provided the worst development to clonal matrices while the substrates 1, 4 and 5 provided the best environment for the development considering all the fertilizer doses and all variables.Com o objetivo de avaliar diferentes substratos com taxas de fertilizantes para o crescimento e desenvolvimento de matrizes clonais de cedro australiano [Toona ciliata var. australis (F. Muell. Bahadur], foi realizado um experimento em casa de vegetação. Foram avaliados cinco substratos, com as proporções em volume, sendo o primeiro composto por 100% Multiplant florestal®, o segundo de 50% Vermiculita, 20% casca de arroz carbonizada, 20% terra e 10% fibra de coco, o terceiro com 50% terra e 50% areia, o quarto com proporção de 50% Multiplant florestal®, 10% terra e 40% de fibra de coco e

  19. Estudo do padrão de rompimento e da força de desligamento dos filamentos do bisso do Limnoperna fortunei (Dunker, 1857 em diferentes tipos de substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Lauria Froes

    2012-04-01

    Full Text Available O Limnoperna fortunei é um molusco bivalve invasor que tem causado prejuízos a sistemas de captação de água e usinas hidroelétricas. Sua presença já foi registrada nas bacias dos rios Paraná, Paraguai, Uruguai e Lago Guaíba. No presente trabalho, estudou-se a força de desligamento e o padrão de rompimento dos filamentos do bisso do L.fortunei em três tipos distintos de substratos: cobre, vidro e teflon. O cobre provocou efeito letal em 100% dos mexilhões testados. A maior parte dos filamentos do bisso analisados após os ensaios de tração se desprendeu dos substratos testados (vidro e teflon por rompimento. A falha adesiva ocorreu apenas em 20% dos filamentos que estavam aderidos ao teflon. Os filamentos do bisso aderidos ao vidro e ao teflon romperam em duas regiões distintas: X e Y. Quanto aos tipos de rompimento, foram observados dois padrões distintos: superfície estirada de ruptura tipo estricção e superfície plana de ruptura transversal. A região de rompimento dos filamentos do bisso parece estar relacionada com as características estruturais das regiões X e Y, não com o tipo de substrato. O substrato parece influenciar os tipos de rompimento e a força de desligamento. Esta apresentou maior valor para os mexilhões aderidos ao vidro em relação ao teflon.

  20. Avaliação de substratos para reprodução de colêmbolos nativos em condições de laboratório.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Bemfica Steffen

    2010-08-01

    Full Text Available Estudos utilizando a fauna edáfica como bioindicador da qualidade do solo têm sido de grande importância para entender as variações físicas, químicas e biológicas de ecossistemas. Dentre os organismos estudados, os colêmbolos constituem um dos principais grupos. Este trabalho teve como objetivo avaliar a multiplicação de colêmbolos nativos em condições de laboratório. Como substrato, utilizaram-se amostras de solo coletadas em área de citrus e bosque de pinus, com os tratamentos: a amostra de solo de área de cítrus com palha de ervilhaca moída, palha de milho moída, palha de nabo moída, cama de aviário moída e amostra de solo e, b em solo de bosque de pinus com: palha de ervilhaca moída, palha de milho moída, palha de nabo moída, cama de aviário moída e amostra de solo. Os tratamentos foram mantidos em potes plásticos, a 26OC, no escuro, sendo realizadas cinco avaliações durante o período de 180 dias. O solo de pomar de cítrus com adição de palha de nabo moído favoreceu a reprodução destes organismos em condições de laboratório.

  1. DESENVOLVIMENTO INICIAL DE DUAS VARIEDADES DE ALFACE EM FUNÇÃO DE DOIS TIPOS DE SUBSTRATOS E COBERTURA DO SOLO / INITIAL DEVELOPMENT OF TWO VARIETY LETTUCE IN FUNCTION OF TWO TYPES OF SUBSTRATES AND GROUND COVER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. de A. L. Souza

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar desenvolvimento inicial de duas variedades de alface ‘Ruby’ e ‘Manteiga’ em função dos tipos de substratos de cultivo e do tipo de cobertura do solo. O trabalho foi desenvolvido em Telado Agrícola e Laboratório de Fitossanidade e Sementes, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, em Sobral. As sementes das duas variedades foram postas para germinar em bandejas de poliestireno expandido (isopor de 128 células; quando estas apresentavam quatro folhas definitivas, cerca de 20 dias após a semeadura, foram transplantadas para o local definitivo, em vasos com capacidade de 8,0 L. O ensaio foi disposto em Delineamento Inteiramente Casualizado (DIC em esquema fatorial 2 x 2 x 3, subdivididas no tempo, sendo duas variedades de alface (‘Ruby’ e ‘Manteiga’, dois tipos de substratos (areia - SMO e esterco - CMO, e três tipos de coberturas do solo (testemunha (sem cobertura, bagana de carnaúba - BC e Mulching - MUL, em quatro épocas de avaliação (10, 20, 30 e 40 DAT. De acordo com os resultados obtidos com o ensaio, constatou-se que o uso dos diferentes substratos utilizados não interferiu na área foliar das variedades de alface avaliadas; A cobertura de solo, tanto o mulching quanto a bagana de carnaúba, mostraram resultados significativos para o desenvolvimento das variedades de alface utilizadas, mostrando-se que além de eficiente em reter água no solo, também auxilia na inibição do surgimento de plantas daninhas, reduzindo assim a competição entre elas e as variedades de alface.

  2. Desenvolvimento de biossensores eletroquímicos para glicoproteínas de interesse clínico a partir de filmes mistos de fosfolipídios e lectinas depositados em substratos sólidos

    OpenAIRE

    LUNA, Débora Máximo das Neves

    2015-01-01

    A imobilização de lipídios em substratos sólidos tem sido amplamente utilizada no desenvolvimento de biossensores visando a uma alternativa simples e de baixo custo. Dessa forma, um ambiente favorável à imobilização de proteínas pode ser criado o que viabiliza a utilização destas moléculas como elemento de biorreconhecimento molecular. A finalidade deste estudo consiste em imobilizar a lectina Concanavalina A, em uma plataforma nanostruturada contendo moléculas fosfolipídicas a...

  3. Avaliação da durabilidade de processos fotocatalíticos aplicados como pós-tratamentos em substratos de argamassa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Custódio Garcia Junior

    Full Text Available ResumoOs processos fotocatalíticos estão sendo estudados e incorporados a sistemas construtivos objetivando melhoria da qualidade da água e do ar. No entanto pairam dúvidas sobre qual o grau de atuação da fotocatálise nos substratos e sobretudo por quanto tempo continua ocorrendo e qual sua intensidade. O método proposto consiste em, através de um pós-tratamento superficial associado a um processo fotocatalítico, obter a simultaneidade das ações dos efeitos hidrofóbicos e hidrofílicos. O presente artigo propõe avaliar a durabilidade de processos fotocatalíticos por meio de um programa experimental, em que corpos de provas de argamassa para revestimento externo após serem pós-tratados e manchados com soluções de azul de metileno (C16H18N3SCl na concentração de 1% em água deionizada e em álcool etílico 92,8°(C2H6O, foram submetidos a 200 ciclos de envelhecimento artificial (molhagem, exposição à radiações infravermelho e ultravioleta. Os resultados apontam: 1 o aumento da concentração de dióxido de titânio acelera os processos de degradação do azul de metileno; 2 os tratamentos superficiais com dispersões aquosas de TiO2 apresentaram queda de desempenho ao longo dos ensaios; 3 o hidrofugante à base de silicone mostrou um bom potencial como agente de fixação do semicondutor.

  4. SUBSTRATES FOR PRODUCTION AND GROWTH OF MANGABA (Hancornia speciosa Gomes SEEDLINGS PRODUÇÃO E CRESCIMENTO DE MUDAS DE MANGABEIRA (Hancornia speciosa Gomez EM DIFERENTES SUBSTRATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Eloisa Cardoso da Rosa

    2007-09-01

    Full Text Available

    Mangaba (<em>Hancornia speciosa Gomezem> seedlings were transplanted eleven months after emergence to the following substrates: soil (Oxisol, soil + 33% calcined sugar-cane bagasse, and soil + 66% calcined sugar-cane bagasse, with and without lime and fertilizer. At 70, 100 and 130 days after transplanting, plants were evaluated for height and number of leaf pairs. At the end of the experiment – 130 days – roots and aerial part dry matter were weighed. The addition of 0.5 kg.m-3 of 10-10-10 fertilizer to the soil was the best treatment. Root dry matter was slightly higher than aerial part dry matter on some treatments. Roots have developed more than aerial parts. In general, substrates with pH values between 5.2 and 5.5 promote higher growth of mangaba seedlings, but those with pH between 6.0 and 6.8 cause seedling growth reduction.

    KEY-WORDS: Mangaba; native fruit trees; lime; fertilizer; substrate.

    Mudas de mangabeira (<em>Hancornia speciosa Gomezem> com onze meses de idade foram submetidas a diferentes combinações de substratos: solo apenas (Latossolo Vermelho-Amarelo, solo + 33% de bagacilho de cana calcinado, e solo + 66% de bagacilho de cana calcinado, os quais receberam ou não calagem e adubação. Após a aplicação dos tratamentos, foram avaliados aos 70, 100 e 130 dias, o diâmetro basal das mudas, a altura de plantas e o número de pares de folhas, bem como o peso seco da parte aérea e da raiz, ao final do experimento. Pôde-se verificar que a adição de 0,5 kg.m-3 do adubo químico 10-10-10 ao solo foi o melhor tratamento, nas condições estudadas. Houve uma tendência de superioridade do peso seco da raiz, em relação à parte aérea, em parte dos tratamentos, evidenciando um maior desenvolvimento da raiz das mudas de mangaba, em rela

  5. Qualidade de mudas de alface em função de substratos com e sem biofertilizante Quality of lettuce seedlings depending on substrates with and without biofertilizer addition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Damiana Cleuma de Medeiros

    2008-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a qualidade de mudas de alface em função de substratos com e sem biofertilizante (aplicado aos 6; 12 e 18 dias após germinação em condições de casa-de-vegetação. O experimento foi conduzido em esquema fatorial inteiramente casualizado: 3 cultivares (Babá-de-Verão, Grand Rapids e Grandes Lagos x 3 tipos de substratos (areia lavada, composto orgânico e substrato comercial Plantmax® x 2 (com e sem biofertilizante, com quatro repetições. A avaliação foi feita aos 24 dias da germinação através de número de folhas, altura da parte aérea, comprimento da raiz, massa seca da parte aérea e massa seca da raiz. Houve efeito isolado dos fatores cultivares e substratos para número de folhas e comprimento da raiz. Houve efeito de interação cultivares x substratos para altura da parte aérea, massa seca da parte aérea e massa seca da raiz. Dentre as variáveis analisadas a cultivar Grand Rapids e o substrato composto orgânico foi a que obteve melhor resultado. Não houve influência significativa da aplicação de biofertilizante.The quality of lettuce seedlings depending on substrates and biofertilizer addition (at 6; 12 and 18 days after germination, under greenhouse conditions was evaluated. The experiment was carried out in a completely randomized factorial scheme: 3 cultivars (Babá-de-Verão, Grand Rapids and Great Lakes x 3 substrates (washed sand, organic compost and commercial substrate Plantmax® x 2 (with and without biofertilizer addition, with four replications. The evaluation was done on 24-day old seedlings through number of leaves, shoot height, root length, shoot dry mass and root dry mass. There was an isolated effect for cultivars and substrates with regard to the number of leaves and root length. There was cultivars x substrates interaction effect for shoot height, shoot dry mass and root dry mass. The best result was obtained with cultivar Grands Rapids grown in organic compost. There were no

  6. Substratos para o enraizamento de microestacas de mirtileiro cultivar georgiagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nara Cristina Ristow

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi verificar a viabilidade e definir um substrato adequado para o enraizamento de microestaquia e o crescimento de mudas de mirtileiro cultivar Georgiagem. Foram avaliados diferentes substratos para a técnica de microestaquia mantida em condições de microambiente úmido, com temperatura e luz controladas. As microestacas foram acondicionadas em caixas de politereftalato de etileno, durante 48 dias. Os substratos turfa de musgo Sphagnum sp. e as misturas turfa + perlita, turfa + perlita + fibra de coco, turfa + perlita + serragem permitiram a obtenção de maior percentual de enraizamento.

  7. Regeneração de raízes de mudas de eucalipto em recipientes e substratos Root regeneration of eucalyptus seedlings grown in containers and substrata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Guerra Barroso

    2000-06-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo verificar o potencial de regeneração de raízes (P.R.R. e seu efeito sobre o desempenho após o plantio de mudas de Eucalyptus camaldulensis e E. urophylla, produzidas em tubetes e em blocos prensados, utilizando os seguintes substratos: 1 composto orgânico de bagaço de cana-de-açúcar + torta de filtro de usina açucareira (3:2; v:v + 0,6% N (uréia e 2 casca decomposta de eucalipto + vermiculita (7:3; v:v. O P.R.R. foi avaliado, após a poda das raízes laterais a 2 cm da raiz pivotante, através do número, comprimento, peso de matéria seca, área superficial, volume e ritmo de crescimento das raízes regeneradas. No campo, as mudas foram avaliadas quanto à sobrevivência, nos dois primeiros meses e quanto ao crescimento em altura e diâmetro ao nível do solo, até o décimo mês. As mudas produzidas em blocos prensados apresentaram maiores valores de P.R.R. e maior crescimento após o plantio. O substrato que conferiu melhores características às mudas foi a casca de eucalipto decomposta + vermiculita, mas essa diferença não foi mantida no campo, exceto para a altura do E. urophylla. O P.R.R. não apresentou correlações lineares com a sobrevivência das mudas no campo, mas correlacionou-se positivamente com o crescimento em altura e diâmetro ao nível do solo, nos primeiros meses após o plantio.The objective of this research was to determine the root potential regeneration (P.R.R. and its effect on the field performance of Eucalyptus camaldulensis and E. urophylla seedlings grown in tubes and pressed blocks, with the following substrates: 1 sugarcane bagasse + filter cake (3:2; v:v + 0.6% N (urea, and 2 decomposed eucalyptus bark + vermiculite (7:3; v:v. After cutting the lateral roots 2 cm away from the tap-root, the P.R.R. was evaluated measuring some characteristics of the regenerated roots such as: number, length, dry weight, area, volume, and growth rhythm. In the field, the survival was

  8. Influência de substratos na formação dos porta-enxertos: limoeiro-Cravo (Citrus limonia Osbeck e tangerineira-Cleópatra (Citrus reshni Hort. Ex Tanaka em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JABUR MARCOS ANTÔNIO

    2002-01-01

    Full Text Available Visando a estudar o efeito do substrato na produção de porta-enxertos de limoeiro-Cravo e tangerineira-Cleópatra em tubetes sob ambiente protegido, conduziu-se este trabalho na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal-UNESP. O estudo foi realizado em ambiente coberto com sombrite preto sem proteção lateral, adotando-se delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5x2, 4 repetições e 20 sementes por parcela. Utilizaram-se os substratos húmus de minhoca oriundo de esterco de curral (H% e vermiculita média (V%, sendo S1=H0 V100; S2=H25 V75; S3=H50 V50; S4=H75 V25 e S5=H100 V0. Avaliaram-se o número de plântulas emergidas, altura das plantas, diâmetro do caule, massas fresca e seca de raiz e parte aérea. Observaram-se resultados estatisticamente significativos para diâmetro do caule, aos 104 e 118 dias após a semeadura (DAS entre espécies, com superioridade de Cravo em relação a Cleópatra, porém não aos 132 DAS. Não foi constatada diferença significativa entre os substratos. Quanto à massa fresca de parte aérea, nenhuma diferença estatística ocorreu entre as espécies; porém, quanto aos substratos, S3 mostrou-se superior a S1, não diferindo, entretanto, dos demais. Embora a análise estatística não tenha mostrado diferenças significativas entre os tratamentos para os outros parâmetros analisados, S3 destacou-se entre os substratos testados.

  9. Estaquia de oliveira em diferentes épocas, substratos e doses de AIB diluído em NaOH e álcool

    OpenAIRE

    Adelson Francisco de Oliveira; Nilton Nagib Jorge Chalfun; Ângelo Albérico Alvarenga; João Vieira Neto; Rafael Pio; Dili Luiza de Oliveira

    2009-01-01

    A estaquia é um método de propagação muito utilizado para a oliveira. Sua viabilidade depende da capacidade de formação de raízes adventícias de cada espécie. Contudo é necessário estudar as diferentes características desse processo. Objetivou-se, no presente trabalho avaliar o efeito de concentrações de AIB, do veículo de diluição, do substrato e época de coleta, no enraizamento de estacas semilenhosas de oliveira 'Ascolano 315'. Foram coletados ramos medianos de plantas matrizes localizadas...

  10. Aclimatização de mudas micropropagadas de helicônia em ambiente protegido em função do tipo de substrato Acclimatization of micropropagated heliconia plants in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Lee Jorge Rocha

    2009-12-01

    Full Text Available A etapa de aclimatização é uma fase crítica da micropropagação vegetal, podendo ser responsável por altos índices de mortalidade, baixas taxas de crescimento e desuniformidade das plantas. Um fator fundamental na aclimatização é tipo de substrato a ser utilizado. Nesse trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de diferentes substratos na aclimatização de mudas micropropagadas de helicônia (Heliconia lingulata Ruiz & Pav.. A pesquisa foi conduzida em um túnel alto de cultivo forçado pertencente à Embrapa Agroindústria Tropica,l situada no município de Fortaleza - CE, Brasil (3º44'S e 38º33'W. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com cinco tratamentos e cinco repetições. Os substratos testados foram: T1 -pó-de-coco seco + húmus de minhoca + solo (PCS+H+S; T2 -pó-de-coco verde + vermiculita + composto de cama de frango (PCV+V+CCF; T3 -pó-de-coco verde + húmus de minhoca + solo (PCV+H+S; T4 -pó-de-coco seco + vermiculita + composto de cama de frango (PCS+V+CCF; e T5 - substrato comercial Hortimix® (HORT. As variáveis agronômicas, avaliadas no experimento foram: altura da planta, número de folhas e diâmetro do pseudocaule. Os resultados do experimento evidenciaram o maior desenvolvimento das mudas micropropagadas de helicônia, quando o substrato utilizado foi a combinação pó de coco verde + húmus de minhoca + solo (PCV + H + S.Acclimatization is the most important and critical plant micropropagation phase. It can be responsible for high mortality rate, low growth rate, and plant heterogeneity. One of the limiting factors in plant acclimatization is the substrate. The objective of this work was to evaluate the effect of different substrates on the acclimatization of micropropagated heliconia plants (Heliconia lingulata Ruiz & Pav.. The research was carried out in a greenhouse at the Embrapa Tropical Agroindustry located in Fortaleza, Ceará, Brazil (3º44' S and 38º33' W. The

  11. Seleção de antagonistas fúngicos a Fusarium solani e Fusarium oxysporum em substrato comercial para mudas Selection of fungi antagonistic to Fusarium solani and Fusarium oxysporum in commercial substrate for seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Zago Ethur

    2007-12-01

    Full Text Available Testes in vitro são geralmente utilizados para a seleção inicial de agentes de biocontrole contra fungos de solo, faltando metodologias que utilizem solo e/ou substrato. O objetivo deste trabalho foi realizar a seleção massal de isolados fúngicos antagônicos a F. solani e F. oxysporum em substrato comercial para mudas. Foram realizados dois experimentos com os patógenos F. solani e F. oxysporum e com 98 possíveis antagonistas fúngicos, dos gêneros Penicillium claviforme, Penicillium, Aspergillus e Cladosporium. A suspensão dos patógenos foi inserida no substrato, em copos plásticos, sendo acrescentada, cinco dias depois, a suspensão dos demais fungos. Avaliou-se o número de unidades formadoras de colônia de F. solani e F. oxysporum por grama de substrato após nove dias. Dos 98 isolados utilizados contra F. solani, 43 % não diferiram da testemunha e 57% reduziram o seu desenvolvimento em substrato, sendo que os três melhores isolados fúngicos foram do gênero Penicillium claviforme. Os três isolados de Penicillium claviforme selecionados para F. solani também foram eficientes para F. oxysporum.Tests in vitro are usually used for the initial selection of biocontrol agents against soil fungi, lacking methodologies using soil and/or substrate. The objective of this research was to accomplish the mass selection of fungi isolates antagonistic to F. solani and F. oxysporum in commercial substrate for seedlings. Two experiments were conducted, with the pathogens F. solani and F. oxysporum, and 98 possible antagonistic fungi of the genera Penicillium claviforme, Penicillium, Aspergillus and Cladosporium. The suspension of the pathogens was inoculated in the substrate, in plastic cups, and the suspension of the other fungi was added five days later. The number of colony-forming unit of F. solani and F. oxysporum/g of substrate was counted after nine days. Of the 98 isolates used against F. solani, 43% did not differ from the control

  12. Produção e qualidade de rosas em razão de doses de boro aplicadas no substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antônio Zanão Júnior

    2014-04-01

    Full Text Available Muitos trabalhos têm demonstrado os efeitos da aplicação do boro (B em variadas culturas; entretanto, poucos registros demonstram seus efeitos na produção de rosas. Objetivou-se com este experimento avaliar os efeitos de doses de B na produção e qualidade de rosas (Rosa hybrida cv. Shiny Terrazza® em vaso. Os tratamentos foram cinco doses de B (0, 1, 4, 8 e 16 mg kg-1, aplicadas no substrato, em delineamento de blocos casualizados, com cinco repetições. Foram avaliados: número de flores por planta; número de folhas por haste floral; produção de matéria seca de raízes, folhas e flores; altura da planta; número de dias para o florescimento; comprimento do botão floral; e diâmetro e longevidade floral. Além disso, foram determinados os teores foliares de clorofila total e B e os sintomas de toxidez desse elemento. Verificou-se efeito significativo das doses de B na maioria das variáveis avaliadas, excetuando-se a altura das plantas, o número de flores por planta, a longevidade floral e a produção de matéria seca de raízes. O teor foliar de B aumentou linearmente em função das doses desse elemento. Houve incremento na produção e qualidade das flores com a aplicação do B, com redução do número de dias para o florescimento. Foram verificados sintomas de toxidez causado pelo B a partir da dose de 4 mg kg-1. Esses sintomas foram caracterizados por manchas do tipo encharcamento, iniciando nas margens do limbo foliar, com essas evoluindo para clorose e posterior necrose; na maior dose ocorreu queda de folhas. Essa queda foi responsável pela diminuição do número de folhas por haste no final do ciclo, a partir da dose de 8 mg kg-1 de B. As plantas com sintomas de toxidez apresentaram teores foliares de B acima de 200 mg kg-1, enquanto as sadias (controle, de 65 a 89 mg kg-1.

  13. Efeitos da ambiência, recipientes e substratos no desenvolvimento de mudas de maracujazeiro-amarelo em Aquidauana - MS Effects of environment, containers, and substrate composition in the height and leafs number in passiflora seedlings in Aquidauana - MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2009-03-01

    Full Text Available A definição do melhor sistema de produção de mudas de maracujazeiro em função do tipo de ambiente, de recipientes e de composições de substratos resulta em informações úteis que beneficiam os produtores. Desta forma, foi conduzido um experimento com a formação de mudas de maracujazeiro-amarelo, em ambientes protegidos, na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana, nos meses de setembro a novembro de 2006. Teve por objetivo avaliar quatro ambientes protegidos, dois tipos de recipientes e três composições de substratos. Foram avaliados as alturas de plantas e o número de folhas. Em síntese, o ambiente com tela de monofilamento, a sacola de polietileno e o substrato "solo + composto orgânico + vermiculita, na proporção volumétrica de 1:1:1 v/v", apresentaram os melhores resultados para altura e número de folhas do maracujazeiro na região de Aquidauana-MS.The definition of best passion fruiteedlings production system as function of environment, containers and susbtrates can result in important information for the farmers. An experiment was carried out with passiflora seedlings production, using bags and trays, with distinct substrates. The experiments were carried out in the State University of Mato Grosso do Sul, Aquidauana-MS, from September to November 2006. Four protected environments, two kinds of pots and three substrate compositions were evaluated. The height of plants (cm and the leaf number were evaluated. Results showed that environment with monofilament black covered, polyethylene bags and substrate "soil + organic compost + vermiculite, in the proportion volumetric 1:1:1 v/v" were such a better option in the development of passiflora seedlings.

  14. Volumes de substratos comerciais, solo e composto orgânico afetando a formação de mudas de maracujazeiro-amarelo em diferentes ambientes de cultivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2011-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento de mudas de maracujazeiro- amarelo em três diferentes tamanhos de recipientes, em três condições de cultivo protegido, utilizando seis diferentes substratos. Foram empregados três ambientes de cultivo: (A1 estufa em arco, coberta de filme de polietileno de 150 μm, abertura zenital e tela termorrefletora de 50% sob o filme; (A2 viveiro agrícola de tela de monofilamento, com 50% de sombra; e (A3 viveiro agrícola de tela termorrefletora, com 50% de sombra. Foram testados três volumes (V1 = xx cm³ -sacolas de polietileno de 7,5 x 11,5 cm; V2 = xx cm33 - sacolas de polietileno 10,0 x 16,5 cm; e V3 = xx cm33 -sacolas de polietileno de 15,0 x 21,5 cm e seis substratos (S1 = solo; S2 = Plantmax®; S3 = vermiculita; S4 = fibra de coco; S5 = fibra de coco chips; e S6 = Organosuper®, composto orgânico comercial. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema de parcelas subsubdivididas, em que os ambientes foram as parcelas, os recipientes de diferentes volumes as subparcelas e os substratos as subsubparcelas. Aos 50 dias após a semeadura, foram medidos a altura das plantas, o comprimento da raiz, a massa de matéria seca da parte aérea e das raízes. A partir das massas de matéria seca determinaram-se a relação massa de matéria seca de parte aérea e raiz e massa de matéria seca total. A estufa foi o melhor ambiente quando se utilizou o recipiente de XX cm33 o qual proporcionou mudas maiores, com maior biomassa seca aérea, radicular e total. A vermiculita foi o melhor substrato, porém o solo adubado é uma alternativa menos dispendiosa para a região.

  15. Ex-vitro establishment of Phalaenopsis amabilis seedlings in different substrates = Aclimatização “ex-vitro” de plântulas de Phalaenopsis amabilis em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giorgini Augusto Venturieri

    2011-07-01

    Full Text Available Eight substrates were evaluated for ex-vitro establishment of Phalaenopsis amabilis seedlings. They were: Fibraflor® (commercial substrate, Turfa Fértil FG2® (commercial substrate, vermiculite, coconut fiber from the pericarp, decomposed pine bark, organic compost, sphagnum and shredded xaxim, in the establishment of seedlings of Phalaenopsis amabilis L., in combination, with and without immersion of the seedlings, after they were removed from the growth flasks, in Manzate 800 at a dosage of 1 g L1. The evaluated parameters were: the sum of the lengths of the two largest leaves, the sum of the lengths of the three largest roots and the percentage of surviving seedlings, evaluated at 190 days after planting. It was observed that there were significant differences between substrates, and sphagnum and shredded xaxim were the best in performance. Theapplication of Manzate 800 showed interaction with substrates, but the isolated effect was not significant. Sphagnum is also an extractive product, but when it is impossible to obtain, an organic compost such as Turfa Fértil FG2® or Fibraflor® can be used, with the necessary application of Manzate 800.Foram avaliados oito substratos na aclimatação “ex-vitro” de mudasde Phalaenopsis amabilis. Eles foram: Fibraflor® (substrato comercial, Turfa Fértil FG2® (substrato comercial, vermiculita, casca de coco dilacerada, casca de pinheiro decomposta, composto orgânico, esfagno e xaxim desfibrado, para a aclimatação de plântulas de Phalaenopsis amabilis L., em combinação com e sem imersão das plântulas, logo após a retirada dos frascos de crescimento, em Manzate 800 na dosagem de 1 g L1. Os parâmetros avaliados foram: soma do comprimento das duas maiores folhas, a soma do comprimento das três maiores raízes e porcentagem de plântulas sobreviventes, avaliados aos 190 dias após o plantio. Observou-se que houve diferenças significativas entre substratos, sendo os de maior desempenho o

  16. Substratos na emergência de plântulas e expressão da poliembrionia em porta-enxertos de citros Substrates on seedling emergency and polyembryony of citrus rootstocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmar Schäfer

    2005-04-01

    Full Text Available Este experimento objetivou testar a influência de substratos sobre a velocidade de emergência de plântulas e a poliembrionia de porta-enxertos cítricos. O experimento foi conduzido em casa-de-vegetação utilizando-se sementes de quatro porta-enxertos cítricos (Trifoliata, Citrange ‘Troyer’, Citrumelo ‘Swingle’ e Limoeiro ‘Cravo’ semeadas em 20 tubetes cônicos de 50 cm³. Nas sub-parcelas foram testados três substratos comerciais (Substratos MogimaxÒ, Plug MixÒ e Cruz AltaÒ e um substrato misto (casca de arroz carbonizada, esterco bovino curtido e solo Podzólico vermelho escuro, na proporção de 3:1:1 - v:v:v. Os resultados demonstram que os substratos não afetaram a velocidade de emergência nem o percentual de emergência final das sementes de porta-enxertos cítricos, o mesmo acontecendo com o percentual de poliembrionia e o número médio de plântulas por semente. A velocidade de emergência de porta-enxertos cítricos é positivamente correlacionada com a temperatura.This work intended to characterize the influence of substrates on seedling emergency velocity and polyembryony of citrus rootstocks. The experiment was carried out in greenhouse using four citric rootstocks (Trifoliate orange, ‘Troyer’ Citrange, ‘Swingle’ Citrumelo and ‘Rangpur’ lime, three commercial substrates (MogimaxÒ, Plug MixÒ and Cruz AltaÒ and a mixed substrate (carbonized rice hulls, cattle manure and soil, in the proportion of 3:1:1. Seeds were sown in conical tubes (50 cm³, with a seed in each tube. The different substrates neither affect emergency or percentage of final emergency of rootstocks seeds nor polyembryony and average number of seedling per seed. Seedling emergency velocity of citrus rootstocks is positively correlated with temperature.

  17. Production of tomato seedlings using different substrates and trays in three protected environments Produção de mudas de tomate usando-se diferentes substratos e tipos de bandejas em três ambientes protegidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2012-10-01

    Full Text Available The seedlings production is an essential part for vegetables production. Thus, this study aimed to evaluate the environment, the substrates and the containers in the development of tomato seedlings, cv. Santa crus Kada Gigante, in Aquidauana -MS, Brazil region, from October to November, 2008. Polystyrene trays with 72; 128 and 200 cells, filled with four substrates (soil; Plantmax®; coconut fiber and vermiculite were tested in three protected environments (greenhouse; screened with Sombrite® and screened with Aluminet®. The experimental design was completely randomized, factorial scheme 3x4 (three trays x four substrates, with four replications, being analyzed individual variance analysis and joint analysis for the environments. The environment with screens (Sombrite® and Aluminet®, the trays with 72 cells and the vermiculite produced better results.A produção de mudas é uma etapa essencial na cadeia produtiva de hortaliças. Desta forma, este trabalho teve os objetivos de avaliar a ambiência, os substratos e os recipientes no desenvolvimento de mudas de tomateiro, cv. Santa Cruz Kada Gigante, na região de Aquidauana-MS, de outubro a novembro de 2008. Foram testadas bandejas de poliestireno com 72; 128 e 200 células, preenchidas com quatro substratos: solo; Plantmax®; fibra de coco fina, e vermiculita, em três ambientes protegidos: estufa, telado com Sombrite® e telado com Aluminet®. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 4 (três bandejas x quatro substratos, com quatro repetições, realizando-se de análises de variâncias individuais e análise conjunta dos ambientes. Os ambientes telados (Sombrite® e Aluminet®, a bandeja com 72 células e a vermiculita produziram as melhores mudas.

  18. Desenvolvimento de aechmea fasciata (bromeliaceae) em função de diferentes saturações por bases no substrato e modos de aplicação da fertirrigação

    OpenAIRE

    Sanches, Luiz Vitor Crepaldi [UNESP

    2009-01-01

    O experimento foi conduzido no período de 22 de novembro de 2007 a 10 de dezembro de 2008 sob túnel plástico com 20 metros de comprimento, 6 metros de largura e 2,5 metros de altura no Departamento de Recursos Naturais/Ciência do Solo na Fazenda Experimental Lageado, pertencente à Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP – FCA) Campus de Botucatu/SP. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito no desenvolvimento da bromélia A. fasciata cultivada em substrato de casca...

  19. Development of seedlings of red pitaya (Hylocereus undatus Haw in different substrate volumes = Desenvolvimento de mudas de pitaya vermelha (Hylocereus undatus Haw em diferentes volumes de substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Andrade

    2008-12-01

    porcentagem de sobrevivência foram transformados em arc sen x / 100 para fins deanálise estatística e as médias comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. A sobrevivência e o desenvolvimento vegetativo das mudas de pitaya vermelha através de sementes foram diretamente proporcionais ao volume de substrato usado no experimento.Para formação de mudas de pitaya vermelha através de sementes é recomendado o uso de containeres com capacidade de 65 mL.

  20. Produção e qualidade do tomate produzido em substrato, no campo e em ambiente protegido Tomato production and quality in soiless culture conducted in the field and under unheated greenhouse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cezar R. Fontes

    2004-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a produtividade e qualidade do tomate (híbrido Carmen produzido no sistema denominado FITO, substrato constituído de composto + areia + fertilizantes em saco plástico, em ambiente protegido e campo. Foram estudados sete tratamentos: 1 FITO, conduzido em ambiente protegido, em saco plástico perfurado, com 9 dm³ de substrato por planta, contendo 25% de composto e 75% de areia, sendo todos os macro e micronutrientes colocados via gotejamento; 2 FITO A, similar ao tratamento anterior, entretanto utilizou-se apenas a areia como substrato; 3 FITO 1, similar ao tratamento FITO, sendo que apenas o N e K foram aplicados via gotejamento e os demais nutrientes misturados diretamente no substrato; 4 testemunha em ambiente protegido, com as plantas transplantadas diretamente no solo; 5 FITO C, similar ao tratamento FITO, sendo que neste caso as plantas foram conduzidas em condição de campo; 6 testemunha conduzida em ambiente protegido com mudas transplantadas diretamente no solo, sendo o N e K aplicados via gotejamento; 7 testemunha conduzidas no campo com mudas transplantadas diretamente no solo. O experimento foi delineado em blocos ao acaso e quatro repetições. Não houve efeito significativo dos tratamentos nos teores de N, Zn e Mn nas folhas; na produção de frutos grandes, frutos pequenos e frutos totais; na qualidade do fruto (pH, acidez titulável, sólidos solúveis totais e vitamina C. Houve efeito significativo dos tratamentos sobre o peso da matéria seca das folhas; produção de frutos médios, comerciais, não-comerciais, ponderada e por dia após o transplante (PCD e nos teores P, K, Ca, Mg, S, Fe e Cu nas folhas. As maiores produtividades comercial, ponderada e PCD, 104,79 t ha-1, 94,71 t ha-1 e 0,851 t ha-1 dia-1, respectivamente, foram obtidas com o sistema FITO; entretanto, elas não diferiram daquelas obtidas na testemunha em ambiente protegido, no solo. O sistema FITO pode substituir o cultivo no solo, tanto em

  1. Desenvolvimento de Opuntia ficus-indica (L. Mill., em diferentes substratos, após micropropagação in vitro = The development of Opuntia ficus-indica (L mill., in different substrates, after in vitro micropropagation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio José Alves Peixoto

    2006-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de Opuntia ficus-indica (L. Mill, em diferentes substratos, utilizaram-se plantas micropropagadas nas seguintes etapas: indução, crescimento, multiplicação e enraizamento dos brotos. Após o enraizamento, asplântulas foram aclimatizadas em casa de vegetação, usando-se os seguintes substratos: solo não adubado, solo adubado de acordo com análise de solo, solo + pó de coco (1:1 e 2:1, solo + esterco de bovino (1:1 e 2:1, solo + bioadubo (1:1 e 2:1, em delineamento inteiramente ao acaso com quatro repetições. As plântulas possuíam entre 1 a 2 cm de comprimento e foram enterradas a dois terços no solo. Semanalmente, foram medidas as alturas das plantas e contado o número de brotações. Verificou-se diferença significativa ao nível de 5% de probabilidade pelo Teste t quando comparados os efeitos dos diferentes substratos. Conclui-se que deve-se utilizar o substrato à base de esterco bovino na aclimatização da palma forrageira.The study aimed to evaluate the development of Opuntia ficus-indica (L. Mill, in different substrates, using micropropagated plants in the following stages: induction, growth, multiplication and bud rooting. After rooting, seedlings were acclimatized in greenhouse, by means of the following potting mixture: unfertilized soil, fertilized soil according to soil analysis, soil + coconut dust (1:1 and 2:1, soil + bovine manure (1:1 and 2:1, soil + biofertilizer (1:1 and 2:1, randomly applied with four replications. The seedlings had between 1 and 2 cm of length and were planted two thirds under the soil. There were weekly measures of the plants’ height and the number of shoots. Significant difference to the level of 5% of probability for test was verified when comparing the effects of different substrates. Results show that the potting mixture must be based onbovine manure in the acclimatization of palm grass.

  2. Effects of salinity on the development of rocket grown on different substrates hydroponic. = Efeitos da salinidade sobre o desenvolvimento de rúcula cultivada em diferentes substratos hidropônicos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lilia de Souza Neta

    2013-08-01

    Full Text Available This study evaluated the effects of salinity on the nutrient solution on the production of rocket, grown on different substrates. The test was developed in an environment protected by the Department of Environmental Sciences and Technology, Federal Rural University of the Semi-Arid in Mossoró-RN, housed in a completely randomized design in a factorial 3 x 5 with three replications. Five salinity levels of nutrient solution were used, obtained with or without the fish farming wastewater (S1-0.5, S2-2.0, S3-3.5, S4-5.0 and S5-6.5 dS m-1 and three substrates (SUB1-Mix coconut fibre + sand + rice husk (1:1:1, SUB2-Cambisol and SUB3-SUB1 reused in the previous experiment. Harvesting of rocket was performed at 35 days aftersowing and evaluated the following variables: plant height, leaf number, leaf area, fresh weight, and dry weight. The salinityof the nutrient solution negatively affected the development of the rocket grown, having effect varying according to the type of substrate used. The plants grown on the substrate formed by the mixture of coconut fibre + sand + rice hulls (1:1:1 showed higher tolerance to salinity. The substrate formed by mixing coir + sand + rice husk can be recommended for growing rocket containers, but cannot be reused without treatment. = Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da salinidade na solução nutritiva sobre a produção de rúcula, cultivada em diferentes substratos. O ensaio foi desenvolvido em ambiente protegido do Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas da Universidade Federal Rural do Semi-Árido em Mossoró-RN, e instalado em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 x 3, com três repetições. Foram utilizados cinco níveis de salinidade na solução nutritiva, obtidos com ou sem uso de água residuária da piscicultura (S1-0,5; S2-2,0; S3-3,5; S4-5,0 e S5-6,5 dS m-1 e três substratos (SUB1-Mistura de fibra de coco + areia + casca de arroz (1

  3. Emergence and initial growth of seedlings of Rollinia mucosa (Jacq. Baill (Annonaceae in different substrates / Emergência e crescimento inicial de plântulas de biribá (Rollinia mucosa (Jacq. Baill (Annonaceae em diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riselane de Lucena Alcântara Bruno

    2010-07-01

    Full Text Available This research aimed to evaluate the influence of different substrates on emergence and initial growth of Rollinia mucosa seedlings. The seeds were scarified in the opposite side of micropylar region and sown in four different substrates: washed sand (T1, vermiculite (T2, bioplant® (T3, plantmax® (T4, washed sand + vermiculite 1:1 (T5, washed sand + bioplant® 1:1 (T6, washed sand + plantmax® 1:1 (T7, washed sand + vermiculite 3:1 (T8, washed sand + bioplant® 3:1 (T9 and washed sand + plantmax® 3:1 (T10. The emergence percentage, the emergence speed index and growth of the seedlings (length and dry mass of root and aerial part were evaluated. The experimental design was completely randomized with ten treatments and four replications of 25 seeds. The data were submitted to analyses of variance and the averages were compared by the Tukey test. In relation to the emergence percentage and emergence speed index, it was observed that the commercial substrates had presented the lower values, alone or in combination with other substrates and that the sand + vermiculite substrate provided the best results. In general terms, the four substrata evaluated, isolated or in combination, presented no differences for the seedling growth during the 75 days of evaluation.O objetivo desse trabalho foi testar a influência de diferentes substratos na emergência e no crescimento inicial de plântulas de biribá. As sementes foram escarificadas na região oposta à de emissão da radícula e, em seguida, semeadas em diferentes substratos: areia lavada (T1; vermiculita (T2; bioplant® (T3; plantmax® (T4; areia lavada + vermiculita 1:1 (T5; areia lavada + bioplant® 1:1 (T6; areia lavada + plantmax® 1:1 (T7; areia lavada + vermiculita 3:1 (T8; areia lavada + bioplant® 3:1 (T9; e areia lavada + plantmax® 3:1 (T10. Foram avaliados porcentagem de emergência das plântulas, índice de velocidade de emergência e crescimento das plântulas (comprimento e massa seca

  4. Qualidade e teores de nutrientes de palmeira-rápis em substrato com fibra de coco Quality and nutrient content of lady palm in coconut fiber substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia dos S Alves

    2010-03-01

    Full Text Available As avaliações foram realizadas em quatro substratos compostos de mistura de fibra de coco triturada (FC e substrato comercial Plantmax HT® (SC, nas proporções de 0, 25, 50 e 75% de FC, em vasos com capacidade para 35 L, em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições e três vasos por parcela, com uma planta por vaso. A adubação das plantas foi feita alternando-se, a cada três meses, 25 g de 4-14-8 com 10 g de uréia por vaso, a partir do plantio e durante os 24 meses do período experimental. O crescimento foi avaliado medindo-se a altura da haste inicial (da base do caule à inserção da última folha completamente expandida, número de folhas da haste inicial, número de perfilhos, número de folhas dos perfilhos, altura dos perfilhos e teores de nutrientes da última folha completamente expandida da haste inicial. A qualidade foi avaliada através de análise sensorial visual, baseado nos critérios "gostei"(muito ou pouco e "compraria"(sim ou não. Não houve diferença entre os tratamentos sobre as características de crescimento, exceto para o número de folhas da haste inicial. As plantas com melhor aceitação foram aquelas cultivadas na mistura com 50% FC e 50% SC. Nenhuma das plantas apresentou sintoma visual de deficiência de nutrientes, sendo os teores foliares encontrados em plantas sadias com padrão de qualidade para comercialização de: 17,80 - 18,29 g kg-1 de N; 0,66 - 0,81 g kg-1 de NO-3; 2,02 - 2,34 g kg-1 de P; 18,11 - 20,40 g kg-1 de K; 11,63 - 13,84 g kg-1 de Cl; 2,69 - 4,04 g kg-1 de Ca; 1,61 - 2,07 g kg-1 de S; 1,98 - 2,64 g kg-1 de Mg.It was evaluated the quality and nutrient content of lady palm in four substrates made up of a mixture of shredded coconut fiber (FC and commercial substrate Plantmax HT® (SC, in proportions of 0, 25, 50 and 75% of FC, in 35 liters containers, in a randomized block experiment with four replicates and three pots per plot, with one plant per pot. The plants were

  5. Aclimatização de bastão-do-imperador (Etlingera elatior em substratos à base de coco = Ginger flower (Etlingera elatior acclimation in coconut-based substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Marinho de Assis

    2009-01-01

    Full Text Available A aclimatização é uma etapa da micropropagação que inspira cuidados, pela dificuldade de transferir com sucesso as plântulas in vitro para a casa-de-vegetação. O objetivo do trabalho foi avaliar a eficiência de substratos à base de coco durante a aclimatização de bastão-do-imperador. As mudas, obtidas de cultivo in vitro, apresentavam,inicialmente, altura média de 6,2 + 0,4 cm. Foram cultivadas em vasos de polipropileno, permanecendo em viveiro com 70% de luminosidade. Os tratamentos foram: areia, coco em pó, coco desfibrado, coco em pó + areia, coco desfibrado + areia e coco em pó + coco desfibrado. Cinco meses após o transplantio avaliaram-se as variáveis proporção desobrevivência, altura da parte aérea, massa fresca, número de brotos, massa seca das raízes e pH dos substratos. Os substratos areia, coco em pó + areia e coco desfibrado + areia proporcionaram os melhores resultados para todas variáveis acima descritas, sendo recomendados para a aclimatização de bastão-do-imperador.Acclimation is a stage in micro-propagation that requires special attention due to the difficult process involving the successful transfer of in vitro plantlets to the greenhouse. The objective of this work was to assess the efficacy of coconut-based substrates in ginger flower acclimation. Seedlings from in vitro cultivation initially presented an average height of 6.2 ± 4 cm. They were grown in polypropylene vases kept in a nursery, with 70% of light. The following treatments were used: sand, coconut powder, de-fiberedcoconut, coconut powder + sand, de-fibered coconut + sand, and coconut powder + defibered coconut. Five months after transplantation, the following variables were analyzed: survival rate, aerial part height, fresh matter, number of seedlings, root dry matter, and substrate pH. Sand, powder coconut + sand and de-fibered coconut + sand showed the best results for all variables analyzed, and they are recommended for ginger

  6. Growth of chamaecyparis lawsoniana nursery trees with different levels of covering and substrate mineral fertilization / Crescimento de mudas de chamaecyparis lawsoniana em diferentes níveis de adubação mineral do substrato e em cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Inacio Neiva de Carvalho

    2009-03-01

    ção de substrato promoveu maior crescimento de mudas em recipiente em altura e em diâmetro de tronco mais significativamente no período de setembro a maio. O crescimento em diâmetro do tronco da muda foi mais influenciado, demonstrando que o crescimento secundário da planta foi mais estimulado pela adubação. O crescimento das mudas a campo foi maior que o ocorrido em recipientes.

  7. Qualidade textural de tomates cultivados em substratos orgânicos submetidos à aplicação de substâncias húmicas Textural quality of tomatoes grown in organic substrates subjected to application of humic substances

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Roberta Freitas Pires

    2009-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de substâncias húmicas e de diferentes substratos orgânicos na qualidade textural dos frutos do tomateiro híbrido Vênus, em ambiente protegido. Utilizaram-se, quatro tipos de substratos: fibra de coco; fibra de coco e casca de café carbonizada 1/3 (v/v; fibra de coco e casca de café carbonizada 2/3 (v/v; e casca de café carbonizada. As doses de substâncias húmicas (ácido húmico, 10% + ácido fúlvico 10,2% utilizadas foram 0, 20, 40 e 80 L ha-1, aplicadas ao substrato quinzenalmente, a partir do oitavo dia após o transplantio. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, em arranjo fatorial 4x4. Avaliaram-se firmeza dos frutos, percentagem de solubilização péctica e atividade enzimática (pectinametilesterase e poligalacturonase. Observou-se variação na atividade das enzimas pectinametilesterase e poligalacturonase, em consequência das doses de substâncias húmicas adicionadas, nos diferentes substratos. O efeito das doses de substâncias húmicas sobre a firmeza, solubilidade de pectinas e atividade enzimática, em frutos de tomate, depende do substrato utilizado. Frutos obtidos de plantas cultivadas em fibra de coco apresentaram aumento de firmeza e redução da percentagem de solubilização péctica com a aplicação de doses crescentes de substâncias húmicas.The objective of this work was to evaluate the effects of humic substances and of different organic substrates on the textural quality of tomato fruit of the Vênus hybrid, in a protected environment. Four types of substrates were used: coconut fiber; coconut fiber and carbonized coffee husk 1/3 (v/v; coconut fiber and carbonized coffee husk 2/3 (v/v; and carbonized coffee husk. The humic substances (humic acid, 10% + fulvic acid, 10,2% dosages of 0, 20, 40 and 80 L ha-1 were applied onto the substrates fortnightly from the eighth day after transplanting. The experimental design was in randomized block in a 4x4

  8. Enraizamento de estacas de azaleia (Rhododendron simsii Planch. no outono em AIB e diferentes substratos Rooting of azalea cuttings (Rhododendron simsii Planch. in the fall of AIB and different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Borini Lone

    2010-08-01

    Full Text Available A azaleia é uma planta ornamental propagada comercialmente por meio de estacas, sendo difícil o seu o enraizamento em muitos casos, o que resulta em baixa produção de mudas. O objetivo do trabalho foi avaliar o uso do AIB e o efeito de diferentes substratos sobre o enraizamento de estacas herbáceas de azaleia no outono. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições, em um fatorial 2x3, sendo adotados os fatores: aplicação ou não de ácido indol butírico - AIB (0mg L-1 e 1.000mg L-1 e tipos de substratos (vermiculita - grânulos médios, casca de arroz carbonizada e fibra de coco. Após 76 dias, foram avaliadas as seguintes variáveis: retenção foliar (%, estacas enraizadas (%, sobrevivência das estacas (%, comprimento da maior raiz, número de folhas, massa de matéria fresca das raízes por estaca, pH e condutividade elétrica dos substratos. Os resultados mostraram não haver diferenças para o enraizamento pela aplicação ou não de AIB. As estacas enraizadas em casca de arroz carbonizada e vermiculita apresentaram número superior de folhas em relação às estacas do substrato fibra de coco. No entanto, a fibra de coco e a casca de arroz carbonizada proporcionaram um maior comprimento de raiz. Para massa de matéria fresca por estaca, a fibra de coco também apresentou o melhor resultado. Não houve contribuição do AIB no enraizamento de estacas de azaleia, e o substrato fibra de coco foi o que apresentou melhor desempenho para o enraizamento das estacas.Azalea is an ornamental plant commercially propagated by cuttings, and their rooting process in many cases, is difficult, which results in decreased production of seedlings. The objective of this study was to evaluate the use of IBA and the effect of different substrates on the rooting of cuttings of azalea in the fall. A randomized design with five replications in a factorial array was used as a statistical model, and it was adopted the

  9. Produção de mudas de tomateiro em substratos contendo fibra de coco e pó de rocha Tomato seedlings production using substrates with coconut fiber and rock waste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regynaldo A Sampaio

    2008-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar proporções dos resíduos fibra de coco (FC e pó de rocha de granito (RG como substratos na produção de mudas de tomateiro, cultivar Kada Gigante, realizou-se um experimento em casa de vegetação na UFMG-ICA. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos foram constituídos por uma testemunha e seis proporções de fibra de coco (FC e pó de rocha de granito (RG: T1 - Substrato comercial Hortimix®; T2 - 0% FC + 100% RG; T3 - 20% FC + 80% RG; T4 - 40% FC + 60% RG; T5 - 60% FC + 40% RG; T6 - 80% FC + 20% RG; T7 - 100% FC + 0% RG. O cultivo foi feito em bandeja de poliestireno expandido com células de 3,5 x 3,5 x 5,0 cm. Foram avaliados o diâmetro do coleto, a altura da planta, o índice de velocidade de emergência, a percentagem de emergência e a massa fresca e seca da parte aérea e da raiz. Em praticamente todas as características avaliadas o substrato comercial foi superior aos substratos contendo fibra de coco e pó de rocha. Considerando-se apenas os substratos contendo fibra de coco e pó de rocha, as mudas com melhores características foram obtidas com a mistura de aproximadamente 70% em volume de fibra de coco.A greenhouse experiment was carried out to evaluate the ratio of coconut fiber and rock waste, in the tomato seedling production (cultivar Kada Gigante, in Montes Claros, Brazil. The experimental design was of randomized complete blocks with four replicates. The treatments were composed of a control and six ratios of coconut fiber (FC and rock waste (RG: T1 - Commercial Substrate Hortimix®; T2 - 0% FC + 100% RG; T3 - 20% FC + 80% RG; T4 - 40% FC + 60% RG; T5 - 60% FC + 40% RG; T6 - 80% FC + 20% RG; T7 - 100% FC + 0% RG. The cultivation was done in polystyrene trays with cells of 3.5 x 3.5 x 5,0 cm. Stem diameter, seedling height, emergency speed index, emergency percentage, root and aerial part of fresh and dry matter were evaluated. In

  10. Envelhecimento acelerado de sementes e qualidade de plântulas de Bauhinia forficata Link em diferentes substratos e tamanhos de tubetes = Accelerate aging and seedling quality of Bauhinia forficata Link on different substrates and containers size

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Gisele Guareschi

    2015-03-01

    Full Text Available A espécie Bauhinia forficata pertence à família Fabaceae e é conhecida por seu uso medicinal e na arborização urbana. Objetivou-se com este trabalho verificar a qualidade de lotes de sementes de B. forficata por meio do envelhecimento acelerado e avaliar o desempenho de plântulas desenvolvidas em diferentes dimensões de tubetes e substratos. Para o teste de envelhecimento, as sementes de 3 lotes foram submetidas a condições de estresse a 41 °C e, aproximadamente, 100% de umidade relativa do ar. Os tratamentos foram compostos por diferentes tempos de exposição: 0 (T0, 24 (T1, 48 (T2, 72 (T3 e 96 h (T4 em delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 3x5 (lotes x períodos. Em seguida, avaliou-se a germinação, sementes duras e sementes mortas. As sementes do lote com maior qualidade fisiológica foram utilizadas para produção de mudas em tubetes de 2 dimensões (50 e 110 cm³ e 3 substratos [S1 = turfa fértil 100%, S2 = Tecnomax 100% e S3 = turfa fértil:vermiculita (1:1] em delineamento em blocos ao acaso em arranjo fatorial 2x3 (tubetes x substratos. As variáveis analisadas foram: emergência aos 21, 28 e 35 dias, fitomassa verde e seca, diâmetro do colo e comprimento de plântula. Foi determinado o período de exposição de 72 h para estratificação dos lotes de sementes de B. forficata em níveis de vigor. Recomenda-se o uso de substrato comercial sem a adição de vermiculita, independentemente do tamanho do tubete, para produção de mudas da espécie. = Bauhinia forficata belongs to Fabaceae botanic family and is known because of its medicinal use and urban forestry. The objective of this research was to verify the samples quality of Bauhinia forficata seeds through accelerated aging test and evaluate the performance of seedlings grown in different containers size and on different substrates. For the accelerated aging test, seeds from 3 samples were submitted to stress conditions at 41 ° C and

  11. Formas de adubação e doses de uréia para mudas clonais de cacau cultivadas em substrato Forms and doses of urea to fertilize clonal cocoa tree cuttings cultivated in substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Olimpio de Souza Júnior

    2008-12-01

    Full Text Available O N é o nutriente mais demandado pelas plantas. Contudo, para produção de mudas enraizadas de cacaueiro em substratos e sob irrigação freqüente não existem estudos de calibração de adubação nitrogenada. Os objetivos deste trabalho foram comparar a eficiência das adubações no substrato e foliar com uréia para mudas clonais de cacau e definir doses recomendáveis e nível crítico foliar de N. O experimento foi instalado em viveiro de produção de mudas do Instituto Biofábrica de Cacau, em Ilhéus, Bahia, em julho de 2006, envolvendo 10 tratamentos (duas formas de adubação, combinadas com cinco doses de uréia, em blocos casualizados, com quatro repetições. A parcela útil constituiu-se de 12 mudas clonais de cacaueiro cultivadas em tubetes, contendo 288 cm³ de substrato (50 % de fibra de coco e 50 % de Plantmax®. O substrato foi corrigido com 3,20 kg m-3 de calcário e adubado com 2,68 kg m-3 de superfosfato simples. Os tratamentos foram aplicados entre o 82º até o 138º dia, com as seguintes doses semanais de N: 0, 20, 40, 60 e 80 mg dm-3 via substrato e 0,0; 2,25; 4,5; 9,0; e 13,5 g L-1 via foliar. Em todos os tratamentos, fez-se a adubação complementar com P, K, S, Zn e B via substrato. Aos 145 dias, as plantas foram colhidas, sendo avaliados: diâmetro da haste principal, altura, área foliar, matéria seca da parte aérea (MSPA, teor de nutrientes na folha diagnóstica e conteúdo de nutrientes na parte aérea. As variáveis biométricas e nutricionais responderam aos tratamentos. A adubação via substrato proporcionou produção máxima superior à adubação foliar, para MSPA, altura e área foliar. As doses recomendáveis de N, calculadas para obtenção de 99 % da produção máxima, variaram de acordo com a variável biométrica de 43 a 76 mg dm-3 para adubação via substrato e de 9,1 a 11,7 g L-1 para adubação foliar. O nível crítico foliar de N, para obtenção de 99 % da produção máxima da MSPA

  12. Enraizamento in vitro de um porta-enxerto de macieira em diversos substratos In vitro rooting of an apple rootstock in several substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moacir Pasqual

    2000-12-01

    Full Text Available O processo tradicional para produção de porta-enxertos de macieira é o de mergulhia, que apresenta baixa eficiência. As técnicas de cultura de tecidos têm sido uma alternativa viável, pois permitem aumentar o rendimento no processo de multiplicação, evitam disseminação de doenças e mantém as características da planta mãe. O presente trabalho teve como objetivo identificar um substituto do ágar no meio de cultivo para o enraizamento do porta-enxerto de macieira (Malus domestica Borkh. cv. M-7. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5x4 com 4 repetições e 4 explantes por parcela. As concentrações dos sais do meio MS utilizadas foram 0%, 50%, 100%, 150% e 200% e os substratos foram ágar (3,0 e 6,0 g L-1, vermiculita e areia, em todas as combinações possíveis. Em todos os tratamentos o meio de cultura MS foi suplementado com 1,0 mg L-1 de IBA. As avaliações foram efetuadas 45 dias após a inoculação através dos seguintes parâmetros: altura de brotos, peso da matéria fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular. Constatou-se que o melhor desenvolvimento da parte aérea e sistema radicular é obtido com o uso de ágar 3,0 e 6,0 g L-1, independentemente da concentração de sais. O uso de areia apresenta resultados similares ao ágar quando a concentração de sais é de 100% do meio MS.The traditional process for production of apple rootstocks presents low efficiency. The tissue culture techniques have been a viable alternative, because they allow to increase the multiplication process, they avoid dissemination of diseases and maintains the plant mother's characteristics. The objective of this work is identify a substitute for agar in the growth media for the rooting of apple (Malus domestica Borkh. rootstock, cultivar M-7. The experimental design was completely randomized, in a 5x4 factorial scheme, with 4 replications and 4 explants per plot. The salt concentrations of the

  13. Efeito de substratos na formação de porta-enxertos de Psidium guajava L. cv. Ogawa em tubetes Effect of substrates in the formation of Psidium guajava L. cv. Ogawa rootstocks in root plugs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diva Correia

    2005-04-01

    Full Text Available Avaliou-se a formação de porta-enxertos de goiabeira em tubetes e em diferentes substratos: vermiculita + vermicomposto, casca de arroz carbonizada + vermicomposto, vermicomposto + tegumento de amêndoa de caju decomposto, casca de arroz carbonizada + esterco bovino curtido, casca de arroz carbonizada + vermiculita e pó da casca de coco maduro + folha de carnaubeira triturada e decomposta. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com 6 tratamentos, 4 repetições e 14 plantas por parcela. Foram avaliados a altura da parte aérea, o diâmetro do caule e o número de folhas aos 60; 90 e 120 dias após a semeadura. Avaliaram-se a massa da matéria seca da parte aérea e das raízes, a facilidade de retirada da muda do tubete e a agregação do substrato às raízes, aos 120 dias. Porta-enxertos produzidos aos 120 dias propiciaram os maiores valores de altura da parte aérea (30,2 cm, diâmetro do caule (5,3 mm, massa da matéria seca da parte aérea (5,7 g e das raízes (3,0 g, e número de folhas (14,5 quando foi usado o substrato vermiculita + vermicomposto. Maior facilidade de retirada da muda do tubete foi encontrada nos substratos vermiculita + vermicomposto, vermicomposto + tegumento de amêndoa de caju decomposto, casca de arroz carbonizada + vermiculita e casca de arroz carbonizada + esterco bovino curtido. Todos os substratos apresentaram ótima agregação do substrato às raízes.The formation of guava rootstocks in root plugs was evaluated in differents substrates: vermiculite + vermicompost, carbonized rice hulls + vermicompost, vermicompost + decompose cashewnut tegument, carbonized rice hulls + cattle manure, carbonized rice hulls + vermiculite and dust peel of ripened coconut fruit + decompose leave dust from carnauba palm tree. The experimental design was completely randomized with 6 treatments, 4 replicates and 14 plants per plot. The plant height, stem diameter and number of leaves were measured in

  14. Fungos micorrízicos arbusculares na formação de mudas de cafeeiro, em substratos orgânicos comerciais Arbuscular mycorrhizal fungi on the development of coffee plantlets using different organic substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrício Sales Massafera Tristão

    2006-01-01

    Full Text Available Realizou-se um experimento, em casa de vegetação, em arranjo fatorial 9 x 4, com o objetivo de avaliar o efeito de substratos orgânicos comerciais e inoculação de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs no desenvolvimento de mudas de cafeeiro, cultivar 'Catuaí Amarelo', IAC 62. Utilizaram-se substratos à base de fibra de coco (Golden Mix 11, Golden Mix 47 e Golden Mix 80, casca de pinus (Rendmax, Vida Verde com adubação, Vida Verde sem adubação e Terra do Paraíso, solo puro e solo + esterco (70% e 30%,v/v, inoculando-se os FMAs Glomus intraradices, Glomus etunicatum e Gigaspora margarita. Manteve-se um tratamento sem inoculação. Aos 200 dias após transplante avaliaram-se: altura, diâmetro do caule, número de folhas, matéria seca da parte aérea, matéria fresca da raiz, teor de fósforo na parte aérea, colonização radicular, comprimento do micélio externo, atividade da fosfatase ácida e teores de pigmentos fotossintetizantes nas folhas do cafeeiro. Independentemente da micorrização, o melhor crescimento das mudas foi obtido no substrato Vida Verde sem adubação. Os melhores efeitos da micorrização foram constatados nas plantas colonizadas por G. margarita e crescidas nos substratos convencional (solo + esterco e Vida Verde com adubação, nas quais se verificaram mais eficácia na utilização de P, o que reverteu em maior crescimento e produção de biomassa, resultando em maior eficiência simbiótica. No substrato solo + esterco, a micorrização favoreceu a concentração de pigmentos fotossintetizantes e diminuiu a atividade da fosfatase ácida nas folhas do cafeeiro.A greenhouse experiment with an alleatory factorial 9 x 4 scheme was carried out to evaluate the effects of different substrates and species of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF on the development of coffee plants, cultivar Catuaí Amarelo, IAC 62. Nine substrates were used: seven commercial organic substrates - four substrates containing composted

  15. Evaluation of substrate and tray types for beet seedlings/ Avaliação de mudas de beterraba em função do substrato e do tipo de bandeja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Souza Braga

    2007-07-01

    Full Text Available The experiment was carried out from April to May of 1998 in Piracicaba- SP, with the objective of evaluating three substrates: Plantimax, Mogimax and Gioplanta, and two recipient trays: one with 128 cells and other with 200 cells, in beet seedling production of cultivar “Early Wonder”. The evaluation was accomplished 40 days after sowing by the following parameters: plant height, root length, total dry mass, root dry mass, shoot dry mass and the shoot/root relation. The experimental design was randomized blocks in 3 x 2 outline factorial with 4 replications. In all evaluated parameters, there were found significant differences among substrates and trays. Also, it was observed significant interaction in total dry mass, shoot dry mass and shoot/root relation. Plantmax and Mogimax were superior for the most of the evaluated parameters. Recipient tray with 128 cells was better than 200 cells, being more indicated for beet seedling production.Visando avaliar o efeito de três substratos, Plantimax, Mogimax, Gioplanta, e bandejas de poliestireno expandido com 128 e 200 células, na produção de mudas de beterraba da cultivar “Early Wonder”, realizou-se um experimento no período de abril a maio de 1998 em Piracicaba- SP. A avaliação foi realizada 40 dias após a semeadura e as variáveis estudas foram altura da planta, comprimento do sistema radicular, massa seca total, massa seca da parte aérea, massa seca de raiz e determinada a razão entre a massa seca da parte aérea e a massa seca das raízes (RPAR. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 2, com 4 repetições. Em todas as variáveis estudas foi observada diferença significativa para substratos e recipientes. Para massa seca da parte aérea, massa seca total e RPAR foram observadas interações significativas entre tipo de substrato e bandeja. Plantimax e Mogimax mostraram-se superiores para maioria dos parâmetros avaliados. A

  16. Produção e qualidade do morangueiro em sistemas fechados de cultivo sem solo com emprego de substratos Fruit production and quality of strawberry plants grown in closed soilless growing systems with substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo dos Santos Godoi

    2009-07-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi determinar o crescimento, a produção e a qualidade das frutas do morangueiro cultivado em três sistemas fechados sem solo e com dois substratos. Os sistemas foram testados no interior de um abrigo telado, no Departamento de Fitotecnia da UFSM, no período entre 27 de abril e 21 de novembro de 2006. Esses sistemas foram constituídos por sacolas fertirrigadas por tubos gotejadores e calhas e leito de cultivo fertirrigados por subirrigação. Foram empregados substrato orgânico Plantmax PXT® e areia. O delineamento experimental utilizado foi um fatorial 3 x 2, com quatro repetições. A fertirrigação foi feita com solução nutritiva completa, sem nenhum descarte durante todo o período experimental, e as frutas foram colhidas maduras. Foram determinados os seguintes parâmetros: a produção, a firmeza, a acidez e o teor de sólidos solúveis totais. Interações significativas entre os sistemas e os substratos foram observadas. Na areia, destacou-se o cultivo nas calhas, com produção de 1017,4g planta-1, sendo 8,13% e 8,33% superior às sacolas e ao leito de cultivo, respectivamente. A produção mais elevada foi de 1196,5g planta-1, obtida com substrato orgânico no leito de cultivo, superior às sacolas em 10,9% e às calhas em 29,33%. Concluiu-se que o cultivo sem solo do morangueiro sem descartes de solução nutritiva é possível e que a produção é influenciada pelo sistema de cultivo e pelo substrato, sem efeitos sobre a qualidade das frutas.The objective of the research was to determine fruit production and quality of strawberry plants grown in three different closed soilless systems and two substrates. The experiment was conducted in a screenhouse at Department of Fitotecnia, UFSM, from April to November, 2006. The soilless growing systems were plastic bags, plastic troughs and growing beds, and the substrates were sand and the organic substrate Plantmax PXT®. A 3 x 2 factorial experimental design

  17. Quali/quantitative characterization of biogas produced in batch digesters supplied with six distinct substrates Caracterização quali/quantitativa do biogás produzido em biodigestores de batelada alimentados com seis substratos distintos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João A. Galbiatti

    2011-01-01

    Full Text Available The present research was carried out at the DER/FCAV, São Paulo State University - Brazil, with the purpose of analyzing the quantity and quality of biogas produced by six types of substrates. The substrates used in the anaerobic digestion were characterized as: 1- Litter of broiler (LB; 2- Grinded broiler litter (GBL; 3- Broiler litter with wood shavings (BLWS; 4- Grinded broiler litter with wood shavings (GBLWS; 5- Broiler litter with peanut hulls (BLPH; 6- Grinded broiler litter with peanut hull (GBLPH. It was concluded from the collected data that: the (GBL substrate showed a superior biogas accumulated production in relation to the other substrates, while the BLWS presented an inferior accumulated production; the grinded substrates showed higher quantities of accumulated biogas in relation to the non-grinded substrates, except for GBLPH, with 20.9 m³ inferior than BLPH; the period of maximum biogas production started from 45 to 60 days, declining after 120 days; at 57 days after filling up the digesters the biogas produced had levels of CH4 superior than 53%, and from 99 days all of them produced biogas with levels of CH4 superior than 70%; LB and GBL presented higher concentrations of CH4 in the biogas.Com a finalidade de se analisar quali/quantitativamente o biogás produzido por 6 tipos de substratos, efetuou-se a presente pesquisa no DER/FCAV/UNESP- SP, Brasil. Os substratos utilizados na digestão anaeróbia foram caracterizados como: 1- Esterco de aves de postura (EAP; 2- Esterco de aves de postura triturado (EAPT; 3- Esterco de aves de corte com cama de maravalha (EACM; 4- Esterco de aves de corte com cama de maravalha triturado (EACMT; 5- Esterco de aves de corte com cama de casca de amendoim (EACA, e 6- Esterco de aves de corte com cama de casca de amendoim triturado (EACAT. Dos resultados obtidos, concluiu-se que, em relação à produção acumulada de biogás, o substrato EAPT foi superior aos demais, enquanto EACM apresentou

  18. Formação de mudas de cafeeiro em substratos oriundos de diferentes métodos de desinfestação Coffee seedlings production potting mixtures from disinfestations methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Rabelo Botrel Miranda

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivando verificar o desenvolvimento de cafeeiro oriundos de diferentes métodos de tratamento de substratos utilizados na produção de mudas em saquinhos de polietileno, instalou-se em maio/2004 em um viveiro na Universidade Federal de Lavras o presente experimento. Foram utilizados treze tratamentos para a desinfestação de substratos, sendo utilizado o padrão para mudas de café com solo coletado de uma lavoura cafeeira de 20 anos. Utilizou-se a cultivar paraíso H 419-1. Avaliou-se o crescimento das plantas de cafeeiro quando estavam com 5 pares de folhas verdadeiras, sendo: altura de plantas (cm, diâmetro de caule (mm, massa seca do sistema radicular (g, massa seca da parte aérea (g, número de nós da inserção foliar do ramo ortotrópico da muda e área foliar total (cm². Concluiu-se que o uso do coletor solar é promissor para a desinfestação de substratos por proporcionar bom desenvolvimento de mudas de cafeeiro, a exemplo do brometo de metila.The objective of this work was to evaluate the development of coffee seedlings grown in bag mixture disinfested by different methods. The work was carried out in a high cover coffee nursery at Federal University of Lavras, State of Minas Gerais, Brazil, in May/2004. The bag mixture was prepared using soil from a 20 years old coffee field. Thirteen disinfestations methods were used in bag mixture. The cultivar paraíso H 419-1 was used in all treatments. The growth was evaluated when the plants had five pairs of mature leaves. The following parameters were analyzed: height (cm, girth diameter (mm, root and shoot dry weight (g, number of orthotropic nodes, and total leaf area (cm². It was concluded that methyl bromide promoted the best coffee seedlings development. The use of the solar collector was also considered promising for substrate disinfestations in commercial nurseries, as observed for the methyl bromide.

  19. COMPORTAMENTO DO FUNGO Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporoides Costa EM SUBSTRATO COM DIFERENTES FONTES DE NITROGÊNIO THE BEHAVIOR OF THE FUNGUS Colletotrichum gossypii South Var. cephalosporoides Costa IN SUBSTRATE CONTAINING DIFFERENT SOURCES OF NITROGEN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvo de Carvalho

    2007-09-01

    Full Text Available

    Nesse trabalho procurou-se observar o efeito de diversas substâncias nitrogenadas sobre o crescimento miceliano, esporulação e aspectos morfológicos das colônias do fungo Colletotrichum gossypii South. var. cephalosporoides Costa em substrato sólido. Usou-se um substrato sintético como meio-básico e a este se adicionou peptona, metionina, asparagina, nitrato de sódio ou salicilato de amônia, conforme o tratamento. A testemunha não recebeu qualquer fonte de nitrogênio. Concluiu-se que a peptona foi o melhor tratamento para esporulação e crescimento miceliano, seguindo-se a asparagina que foi eficiente na indução da esporulação. O salicilato de amônia exerceu efeito inibidor do crescimento vegetativo e da esporulação do fungo. Para produção de inóculo, a curto prazo, recomenda-se o uso da peptona como fonte de nitrogênio. Foram observadas diferenças na pigmentação, bordos e densidade das colônias. A esporulação, embora abundante em substratos contendo peptona e asparagina, ocorreu em forma de verdadeiras massas localizadas de conídios na primeira, e como conídios dispersos na segunda.

    In this experiment, the effect of different nitrogenous substances on the mycelium growth, sporulation and morphological aspects of the colonies of the fungus Colletotrichum gossypii  South Var. cephalosporoides Costa planted in a solid substrate were observed. A synthetic substrate was used as a basic medium, and to this was added peptone metionine, asparagine, sodium nitrate or ammonium salicylate, according to the treatment. The control (group received no nitrogen whatsover. It was concluded that peptone was the best treatment for sporulation and mycelium growth, and that the next best was asparagine which was helpfull in inducing sporulation. Ammonium salicylate inhibited the vegetative growth

  20. Crecimiento en clavel estándar cv. Nelson, en suelo y en sustratos Crescimento de cravo estandar cv. Nelson, em solo e em substratos Growth of standard carnation cv. Nelson, in soil and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Del Pilar Baracaldo Argüello

    2010-01-01

    Full Text Available El cultivo de clavel en la sabana de Bogotá ha sido importante, ya que representa en la actualidad el segundo lugar de exportación en flores de corte. Recientemente, su producción en sistema de cultivo en sustrato ha aumentado debido fundamentalmente a limitantes de tipo sanitario, por lo cual es importante el estudio del crecimiento de las plantas establecidas en este sistema de cultivo. El objetivo de este estudio fue evaluar el crecimiento del clavel estándar cv. Nelson establecido en sustratos y en suelo, a segundo pico de cosecha, para lo cual, en el SENA - Centro Multisectorial de Mosquera, plantas de clavel se sometieron a los siguientes tratamientos: 100% de cascarilla de arroz quemada; 65% cascarilla de arroz quemada - 35% fibra de coco; 35% cascarilla de arroz quemada - 65% fibra de coco y suelo. En muestreos continuos se evaluaron las variables número de hojas, longitud del tallo, diámetro de tallo, número de nudos y diámetro y longitud del botón floral y se ajustaron curvas de crecimiento. Las plantas cultivadas en el tratamiento suelo presentaron mayor número de tallos. En este tratamiento los tallos florales también presentaron un mayor número de nudos y de hojas; sin embargo, fueron más cortos. Así mismo, presentaron menor diámetro de tallo y menor longitud y diámetro del botón floral; características determinantes de la calidad. Por tanto, la producción de tallos exportables de grado "select" fue significativamente inferior en el tratamiento suelo, en comparación con los demás tratamientos.O cultivo de cravo no planalto de Bogotá tem sido importante, visto que representa, na atualidade, o segundo lugar nas exportações colombianas de flores de corte. Recentemente, sua produção em sistemas de cultivo em substrato tem aumentado em consequência de fatores sanitários. O objetivo deste estudo foi avaliar o desenvolvimento do cravo tipo estandar cv. Nelson, estabelecido em substratos e em solo, na segunda

  1. Caffeine degradation by Rhizopus delemar in packed bed column bioreactor using coffee husk as substrate Degradação de cafeína por Rhizopus delemar em biorreator de colunas usando casca de café como substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Vanessa Tagliari

    2003-11-01

    Full Text Available Various microorganisms including bacteria, yeast and fungi can degrade caffeine. There are few publications about caffeine degradation pathway in filamentous fungi, mainly by solid-state fermentation (SSF. Studies were carried out on degradation of caffeine and their metabolites by filamentous fungi in SSF using coffee husk as substrate. The purpose of this work was to investigate the caffeine degradation pathway by Rhizopus delemar in packed bed column fermenter and to compare this degradation metabolism with glass flasks fermentation. The methylxanthines were quantified by HPLC analysis. The experiments were realized with the optimized conditions in previous experiments: pH 6.5, 28ºC, inoculation rate 10(6 spores/g substrate, aeration rate 60 mL/min and initial moisture 73%. Under these conditions, after 72 hous of fermentation was achieved only 0.19% of caffeine and 0.014% of theophylline in the coffee husk. The strain proved to be able for caffeine and theophylline degradation by SSF in packed bed column bioreactor.Diversos microrganismos incluindo bactérias, fungos e leveduras são capazes de assimilar a cafeína de meios sintéticos ou de resíduos de café. Existem poucos trabalhos sobre a via de degradação da cafeína em fungos filamentosos, principalmente por fermentação no estado sólido (FES. Estudos de degradação da cafeína por fungos filamentosos em FES usando casca de café como substrato vêm sendo realizados. O objetivo deste trabalho foi investigar a via de degradação da cafeína por Rhizopus delemar em biorreator de colunas aeradas e comparar este metabolismo de degradação com o da fermentação em frascos de vidro. As metilxantinas foram quantificadas por análises em HPLC. Os experimentos foram realizados com as condições otimizadas previamente: pH 6,5, 28ºC, 10(6 espores/g substrato, vazão de ar 60 mL/min e 73% de umidade inicial. Após 90 horas de fermentação, 65% da cafeína foi reduzida, resultando 0

  2. Produção de mudas de capim-limão em diferentes recipientes e substratos Transplant production of lemon grass in different recipients and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arie F Blank

    2009-12-01

    Full Text Available Os efeitos de recipientes e misturas de substratos, diâmetros de perfilho e comprimentos de lâmina foliar mantida no perfilho foram avaliados para produção de mudas de capim-limão (Cymbopogon citratus (D.C. Stapf.. No primeiro ensaio testaram-se dois recipientes e nove misturas de substratos. Os substratos avaliados foram pó de coco, casca de arroz carbonizada e esterco bovino na proporção 1:1:2; pó de coco, casca de arroz carbonizada, solo e esterco bovino na proporção 1:1:1:3. O recipiente tubete de 110 cm³ foi melhor que a bandeja de poliestireno expandido com 72 células de 121,2 cm³ para a produção de mudas de capim-limão. Todos os substratos testados resultaram na produção de mudas de capim-limão de boa qualidade. No segundo ensaio, foram testados dois diâmetros de perfilho (>1,5 e The effect of recipients, substrate mixtures, diameters of tillers and of different leaf lengths kept on the tiller was evaluated for transplant production of lemon grass (Cymbopogon citratus (D.C. Stapf.. In the first assay, we tested two recipients and nine mixtures of substrates. The tublet recipient of 110 cm3 was better than the expanded polystyrene foam bed with 72 cells of 121.2 cm3 and all the tested substrates (coconut dust, carbonized rice hulls and bovine manure at rates of 1:1:2, and coconut dust, carbonized rice hulls, soil and bovine manure at rates of 1:1:1:3 resulted in good quality of lemon grass transplants. In the second assay, we tested two tiller diameters (>1.5 and <1.5 cm and the maintenance of four leaf lengths on tiller (0, 3, 6 and 9 cm. It was concluded that if tillers were thicker than 1.5 cm diameter, then 5.5 cm of leaf length should be kept and if the tiller diameter were inferior to 1.5 cm, then the total leaf area should be cut off in order to promote tilling.

  3. PRODUÇÃO DE MUDAS DE UMBUZEIRO (Spondias tuberosa Arruda Câmara) EM DIFERENTES SUBSTRATOS E TAMANHO DE RECIPIENTES

    OpenAIRE

    Flávio Ricardo da Silva Cruz; Leonaldo Alves de Andrade; Ramon Costa Feitosa

    2016-01-01

    A espécie Spondias tuberosa Arr. Cam. (umbuzeiro) destaca-se como uma das espécies arbóreas de maior potencial do semiárido brasileiro. Apesar de sua relevante importância socioeconômica e ambiental, há falta de estudos voltados para o estabelecimento de um modelo de produção de mudas da espécie. O objetivo desse trabalho foi avaliar a produção de mudas de Spondias tuberosa utilizando diferentes substratos e tamanho de recipientes. O experimento foi conduzido no viveiro do Laboratório de Ecol...

  4. Germinação de sementes de urucu em diferentes temperaturas e substratos Germination of annatto seeds under different temperatures and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Vianna Lima

    2007-08-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, analisar o comportamento germinativo das sementes de urucu cultivar Casca Verde, com e sem escarificação, sob regime de diferentes temperaturas e substratos. O trabalho foi realizado no Laboratório de Tecnologia e Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCA-UFES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, num esquema fatorial 2x6x4 (dois tratamentos físicos nas sementes, seis substratos e quatro temperaturas, totalizando 48 tratamentos, com quatro repetições de 50 sementes. Os tratamentos físicos foram: as sementes intactas e as sementes escarificadas; os substratos foram: a areia, a vermiculita, a fibra de coco, o pó de serra, o Plantmax e o rolo de papel Germitest ; e, as temperaturas testadas foram constantes de 20, 25 e 30ºC e alternada de 20-30ºC. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey. Os resultados obtidos evidenciaram maior porcentagem de germinação das sementes de urucu, semeadas nos substratos areia, vermiculita e rolo de papel; as temperaturas de 25, 30 e 20-30ºC foram mais adequadas para testes de germinação dessas sementes.This work was carried out with the objective to verify the effect of temperature and substrate on germinative capacity of annatto seeds. This study was developed in the Laboratories of Seed Analysis of Agrarian Science Center that belongs to the Universidade Federal do Espirito Santo (CCA-UFES, located in Alegre ES, Brazil. The experimental design was 2x6x4 factorial involving: (i two treatments in the seeds, (ii six substrates, and (iii four temperatures. Four replications were realized using 50 seeds at each experimental unit. Treatments refer to intact and scarified seeds. Substrates utilized were sand, vermiculite, coconut fiber, wood fiber, Plantmax and paper roll. Temperatures employed were 20, 25, 30 and 20-30ºC. Average

  5. Erradicação de escleródios de Sclerotium rolfsii em substratos tratados em coletores solares, em Campos dos Goytacazes-RJ Eradication of Sclerotium rolfsii sclerotia in substrate treated in solar collector devices in Campos dos Goytacazes-RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Vagner Valentim Martins

    2003-12-01

    Full Text Available Na produção de mudas de fruteiras em geral, o uso de solo na composição de substratos ainda é a prática mais econômica e utilizada pelos agricultores, embora haja o risco deste conter inóculos de fitopatógenos. Visando uma alternativa à esterilização química com brometo de metila, neste trabalho avaliou-se a eficiência de coletores solares para a desinfestação de substratos contendo solo, na erradicação de escleródios de S. rolfsii, em Campos dos Goytacazes-RJ. Os ensaios foram realizados nos dias: 6 e 25 de outubro e 13 de dezembro de 2000. Os escleródios recuperados dos substratos tratados nos coletores solares foram plaqueados em meio de cultura e submetidos à coloração em solução de cloreto de trifenil-tetrazólio (TCT. A coloração em TCT foi utilizada para comprovar se os escleródios não-germinados em meio de cultura foram realmente inativados pelo calor ou se houve indução de fungistase. No primeiro ensaio, em dia nublado, o máximo de temperatura alcançado no substrato foi de 45ºC e a germinação dos escleródios foi nula e acompanhada de 100% de colonização por bactérias. Nas duas últimas datas de avaliação, em dias ensolarados, as temperaturas máximas alcançadas nos substratos variaram de 60 a 80ºC e os escleródios foram totalmente erradicados, em apenas um dia de tratamento. Nos três ensaios, os escleródios tratados não apresentaram atividade de desidrogenase, evidenciada pela falta de coloração avermelhada interna na presença de TCT, corroborando a inativação pelo calor. Conclui-se que mesmo em condições sub-ótimas para tratamento de substratos em coletores solares, a exposição prolongada a temperaturas elevadas foi suficientemente danosa aos escleródios do patógeno, tornando-os mais vulneráveis ao antagonismo microbiano. Os coletores solares foram eficientes na desinfestação dos substratos, visando o controle de S. rolfsii, nas condições avaliadas.Although there is a

  6. Cultivation of Pleurotus sajor-caju on banana stalk and Bahia grass based substrates Cultivo de Pleurotus sajor-caju em substratos a base de grama batatais e engaço de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix G de Siqueira

    2011-06-01

    Full Text Available Banana stalks and Bahia grass were utilized as basic starting materials for the production of the mushroom Pleurotus sajor-caju. Banana stalks were combined with other waste or supplement products (wheat bran, coast-cross hay, bean straw and cotton textile mill to obtain different nitrogen concentrations. Since Bahia grass is relatively rich in protein, it was combined with other substrates (banana stalk, coast-cross hay and bean straw to maintain a substrate nitrogen concentration of about 1.5%. Banana stalks and Bahia grass were both more efficient in the production of the mushroom P. sajor-caju when utilized without the addition of other substrates, with biological efficiencies of 74.4% and 74.12%, respectively. When combined with other substrates or grasses, there was a drop in biological efficiency, independent of the concentration of nitrogen. Furthermore, the addition of protein-rich waste to banana stalks resulted in a decrease or absence of fructification, which indicates that high concentrations of nitrogen in the cultivation substrate may hinder the cultivation of this mushroom. On the other hand, results reveal that the ideal concentration of nitrogen may depend on other physicochemical factors and these factors may determine the success in cultivating P. sajor-caju. Therefore, we conclude that P. sajor-caju may be cultivated on banana stalk and Bahia grass as pure substrates, not being necessary their supplementation or combine them with another substrates.O engaço de bananeira e a grama batatais foram utilizados como matérias-primas básicas para a produção do substrato de cultivo do cogumelo Pleurotus sajor-caju. O engaço de bananeira foi combinado com outros resíduos (farelo de trigo, capim "Coast-cross", palha de feijão e resíduo de lixadeira de algodão, com o objetivo de se obter substratos com diferentes concentrações de nitrogênio. Como a grama batatais é relativamente rica em proteína, a mesma foi combinada com

  7. Relações solo-paisagem em uma topossequência sobre substrato granítico em Santo Antônio do Matupi, Manicoré (AM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milton César Costa Campos

    2011-02-01

    Full Text Available Considerando as dimensões da região amazônica e a necessidade de estudos que estabeleçam conexões entre os solos e a expressão da paisagem, o objetivo deste trabalho foi estudar as relações solo-paisagem em uma topossequência sobre substrato granítico em Santo Antônio do Matupi, Manicoré, AM. Foi estabelecido um caminhamento de 3.000 m a partir do "espigão" da vertente, no seu sentido mais suave, com identificação dos segmentos da vertente com base na "quebra" do declive do terreno. Foram abertas trincheiras nos segmentos de vertente mapeados, e perfis foram caracterizados morfologicamente, coletando-se amostras de seus horizontes. Foram realizadas análises físicas (textura, ADA e GF, Ds e Dp, Pt e CHSS, químicas (pH em água e KCl, Ca, Mg, K, Na e Al trocáveis, P disponível, H + Al e C orgânico; SiO2, Al2O3 e Fe2O3 (método do H2SO4 e óxidos de Fe "livres" extraído com ditionito-citrato-bicarbonato e o Fe mal cristalizado extraído com oxalato de amônio e mineralógicas (frações areia, silte e argila, usando difratometria de raios X. As variações do relevo favoreceram a presença de solos distróficos nos topos e solos eutróficos no sopé de transporte. As variáveis ΔpH, relação silte/argila, V % e relação Fed/Fet indicaram a presença de solos mais intemperizados nas áreas de topo da paisagem e solos com menor grau de evolução na encosta e no sopé de transporte. A composição mineralógica da fração argila mostrou-se relativamente homogênea, com predominância de caulinita e gibbsita e menor proporção de mica e quartzo.

  8. Teor de água no substrato de crescimento e fotossíntese em laranjeira ‘Valência’ Substrate water content and photosyntesis in ‘Valencia’ orange trees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDUARDO CARUSO MACHADO

    1999-01-01

    Full Text Available Analisou-se a resposta da fotossíntese (A, transpiração (E, condutância estomática (g s, potencial da água na folha (Y, conteúdo relativo de água na folha (RWC, concentração interna de CO2 (Ci e eficiência do uso de água (WUE em laranjeiras ‘Valência’, sobre duas espécies de porta-enxertos, submetidas ao dessecamento do substrato de crescimento. As medidas foram feitas diariamente em laboratório (temperatura = 27 ± 1 oC, déficit de pressão de vapor = 1,5 ± 0,3 kPa e 700 mmol.m-2.s-1 de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos, até que A atingisse valores próximos a zero, quando os vasos foram reirrigados. Em seguida, as mesmas variáveis foram medidas por mais quatro dias. Os valores de A e de Y praticamente não variaram com teores de água no substrato entre 24 e 15% e com RWC entre 90 e 80%. Todavia, g s começou a decrescer desde o início de a queda no RWC e abaixo de 18% no teor de água no substrato. Discute-se a possibilidade da resposta do estômato estar diretamente relacionada à variação do teor de água no substrato, via comunicação raiz-parte aérea. A relação A/E, isto é, WUE, apresentou uma tendência discreta de diminuir com a queda de g s, indicando que, sob estresse mais severo (YPhotosynthesis (A, transpiration (E, stomatal conductance (g s, leaf water potential (Y, leaf relative water content (RWC, internal CO2 concentration (Ci and water use efficiency (WUE have been evaluated in ´Valencia´ orange trees grafted on two rootstocks exposed to substrate desiccation. Daily measurements at the laboratory conditions (temperature = 27 ± 1oC, water vapor pressure 1,5 ± 0,3 kPa, and photon flux density = 700 mmol.m-2.s-1 have been made until A reached values near zero. After rehydration, the same variables above have been evaluated for additional four days. A and Y values have not varied within 24% and 15% of substrate water content and for RWC ranging from 90 and 80%. However, there has been a

  9. Produção de mudas de tomateiro em substrato orgânico inoculado e incubado com estreptomicetos Tomato seedlings grown in organic potting mix inoculated and incubated with streptomycetes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla da Silva Sousa

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a inoculação e incubação do substrato Plantmax® Hortaliças de produção de mudas, com diferentes isolados de estreptomicetos no crescimento de mudas de tomateiro. No primeiro ensaio, avaliou-se a inoculação de quatro isolados de actinomicetos e a testemunha não inoculada, sem incubação e com 20 dias de incubação, em esquema fatorial (5 x 2 e delineamento experimental de blocos casualizados, com 15 repetições. A inoculação e incubação do substrato com os estreptomicetos promoveram o aumento na altura das plantas, a produção de massa seca da parte aérea e raízes e o acúmulo de nutrientes na parte aérea das mudas de tomateiro. No segundo ensaio, avaliou-se a inoculação dos dois melhores estreptomicetos na promoção do crescimento das plantas de tomateiro produzidas em substrato orgânico incubado por cinco períodos diferentes (0, 15, 30, 45 e 60 dias, em esquema fatorial 2 x 5 e delineamento inteiramente casualizado, com oito repetições. Quarenta e três dias foi o melhor período para incubação, provavelmente, por ser o tempo necessário para que os estreptomicetos pudessem colonizar e atuar na decomposição do substrato orgânico, disponibilizando nutrientes para as raízes e permitindo o crescimento vegetal.This work had the objective of evaluating the effect of inoculation and incubation of a potting soil with streptomycetes in growth promotion of tomato seedlings. The first experiment was conducted with four streptomycete isolates, with and without incubation for 20 days. The experimental design was entirely randomized with 15 replications, in a factorial squeme (5 x 2. The inoculation and incubation of the potting mix promotted a significant increase in plant height, root and shoot dry weight, and plant nutrient levels. In the second experiment, the inoculation with the two best isolates, in five different incubation periods (0, 15, 30, 45 and 60 days was evaluated

  10. Produção de mudas de limão cravo em substrato com biofertilizante bovino irrigado com águas salinas Production of rangpur lemon seedlings in substrate with bovine biofertilizer irrigated with saline water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Matheus Rebequi

    2009-12-01

    Full Text Available Um experimento foi instalado no período de março a maio de 2008, em ambiente telado, para avaliar os efeitos da salinidade da água de irrigação e do biofertilizante bovino na formação de mudas de limão cravo. O substrato foi material dos primeiros 20 cm de um Argissolo Amarelo Distrófico não salino, com os tratamentos dispostos em esquema fatorial 5 x 2 com seis repetições, referente a cinco valores de condutividades elétrica da água de irrigação (0,5; 1,0; 2,0; 3,0 e 4,0 dS.m-1, obtidos pela diluição de uma água fortemente salina (14,3 dS.m-1 com água não salina (0,5 dS.m-1, em solo sem e com biofertilizante comum, diluído em água na proporção de 1:1 aplicado ao nível de 10% do volume do substrato, um dia antes da semeadura. Pelos resultados, se constatou superioridade dos dados obtidos nos tratamentos com o biofertilizante em relação aos dos tratamentos sem o respectivo insumo.One experiment was developed during the period from March to May of 2008 in a canvassed shelter to evaluate the effects of saline water and bovine biofertilizer on seedling formation of rangpur lemon. The substrate used was composed by soil at 20 cm depth of a non saline yellow distrofic Oxisoil, with treatments distributed in a factorial arrangement 5 x 2 with six repetitions, referring to water electrical conductivity (0.5, 1.0, 2.0, 3.0 e 4.0 dS.m-1 obtained by dilution of saline water (14.3 dS.m-1 with non saline water (0.5 dS.m-1 in soil with and without biofertilizer diluted in water 1:1 proportion applied in 10% of substrate volume, one day before sowing. According to results, it was observed a superiority of data from treatments with biofertilizer in relation to those without this product.

  11. Proporção de material orgânico no substrato artificial paraa produção de mudas de cafeeiro em tubetes Proportion of organic material in standard substrate for coffee seedlings production in tubetts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Dias

    2009-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar os efeitos da utilização de diferentes materiais orgânicos no substrato artificial para a produção de mudas de cafeeiro (Coffea arabica L. em tubetes, foi instalado em um viveiro comercial de produção de mudas, um experimento na Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia - EAFU, no período de julho de 2005 a janeiro de 2006. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 6, com quatro repetições, sendo os fatores: três fontes de material orgânico (esterco de curral bovino curtido, cama de peru curtida e resíduo de fumo curtido e seis proporções destes materiais no substrato artificial (0, 20, 40, 60, 80 e 100%. As parcelas foram constituídas por seis tubetes com capacidade volumétrica de 120 mL. Na fertilização dos substratos utilizou-se o fertilizante de liberação gradual (osmocote, fórmula NPK 15-09-12, aplicado em mistura homogênea na dose de 1 g do produto comercial por recipiente e como substrato artificial foi utilizado o produto comercial Bioplant-café. Foram avaliadas as características: altura da planta, diâmetro do caule, número de pares de folhas, área foliar, massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total, além de relação raízes/parte aérea. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância, com aplicação do teste de F, considerando-se a significância nos níveis tradicionais de 5 e 1% de probabilidade e, para comparação das médias das fontes de material orgânico, aplicou-se o teste de Tukey, a 5% de probabilidade, enquanto que para as proporções do material orgânico procedeu-se à análise de regressão. Concluiu-se que a adição de 40% de cama de peru ao substrato artificial favoreceu o desenvolvimento das mudas do cafeeiro; o esterco bovino adicionado ao substrato artificial, independente de sua proporção prejudicou o desenvolvimento das mudas; o resíduo de fumo também prejudicou o desenvolvimento das

  12. Efeito do tipo de substrato e da presença de adubação suplementar sobre o crescimento vegetativo, nutrição mineral, custo de produção e intensidade de cercosporiose em mudas de cafeeiro formadas em tubetes Effects of substrate type and supplementary fertilization on vegetative growth, mineral nutrition, production costs, and brown eye spot of coffee seedlings in stiff plastic containers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adélia Aziz Alexandre Pozza

    2007-06-01

    Full Text Available A utilização de tubetes para produzir mudas de cafeeiro (Coffea arabica L. tornou-se uma realidade. Objetivando avaliar o uso de substratos adubados ou não com fertilizante de liberação gradual e seus efeitos na nutrição, na formação, na cercosporiose e nos custos de produção de mudas de cafeeiro em tubetes, conduziu-se um experimento em viveiro, em esquema fatorial (4x2 com quatro substratos combinados com duas adubações, tendo quatro repetições. As parcelas foram constituídas por 16 tubetes de 120 mL, considerando-se como plantas úteis as seis centrais. Os tratamentos consistiram dos substratos S1= Substrato comercial I, S2 = Substrato comercial II, S3 = Substrato de eucalipto e S4 = 80% esterco de curral + 20% terra de subsolo, todos com e sem adubação com fertilizante de liberação gradual. No geral, os melhores substratos para formação de mudas de cafeeiro em tubetes foram os substratos não comerciais ou orgânicos, independentemente de receberem ou não adubação suplementar. Observou-se redução da cercosporiose com a nutrição mineral, principalmente com o cálcio. Com a utilização de todos os substratos houve ganho econômico em relação ao custo por milheiro de mudas. A maior economia foi obtida com o substrato S4, seguida do substrato S3, com melhor relação custo/benefício.The utilization of stiff plastic containers for producing coffee seedlings (Coffea arabica L. is a reality. Aiming to evaluate the effects of substrate type enriched or not with slow-release fertilizer on vegetative growth, mineral nutrition, production cost and, brown eye spot of coffee seedlings, an experiment was conducted in the plant nursery. The experimental design was a factorial scheme with four substrates in the presence and absence of supplementary fertilization, with four replicates. The plots were made of 16 containers of 120 ml, using six central plants for evaluation. The treatments consisted of S1 = Commercial Substrate

  13. Desenvolvimento de circuitos planares sobre substratos têxteis

    OpenAIRE

    Cavalcante, Gustavo Araújo

    2014-01-01

    A utilização de materiais flexíveis para o desenvolvimento de circuitos planares é uma das características mais desejadas e estudadas, ultimamente, pelos pesquisadores, pois essa maleabilidade do substrato proporciona aplicações antes impossíveis, devido à rigidez dos substratos normalmente utilizados o que dificultava a adequação dos circuitos em superfícies irregulares. O constante interesse nos últimos anos por dispositivos mais leves, cada vez mais compactos, flexíveis e com custo reduzid...

  14. Crescimento de mudas micropropagadas da bananeira cv. Nanicão, em diferentes substratos e fontes de fertilizante = Growth of micropropagated cavendish banana seedlings in different substrates and fertilizer sources

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Shigueaki Nomura

    2008-07-01

    Full Text Available Com objetivo de avaliar o efeito de diferentes substratos combinados a fontes de fertilizantes no crescimento de mudas de bananeira micropropagadas cv. Nanicão (Musa spp. AAA, foi instalado um experimento em blocos casualizados, no esquema fatorial 5 x 3,com quatro repetições. Os substratos utilizados foram: S1 - Terra de subsolo + casca de arroz carbonizada + Rendmax Floreira®; S2 - Terra de subsolo + casca de arroz carbonizada + Organifol®; S3 - Terra de subsolo + casca de arroz carbonizada + Organifol® 9% SiO; S4 - Technes Vivatto®; S5 - Areia grossa + casca de arroz carbonizada+ Rendmax Floreira®. As fontes de fertilizantes foram: SA - sem adubo; LL - adubo de liberação lenta - Osmocote® 3M 14-14-14 (5,0 kg m-3 misturado ao substrato; e LN - adubo de liberação normal, 14-14-14 (7,5 g muda-1 aplicado em cobertura. Foram determinados a altura, o diâmetro do colo, o número de folhas, a área foliar e a matéria seca das plantas. Com base nas diferenças de crescimento, recomenda-se a utilização dos substratos S1, S2, S3 e S4, com adição de fertilizante 14-14-14, com liberação lenta (5,0 kg m-3 ou normal (7,5 g muda-1 de nutrientes.With the objective of evaluating the effect of different substrates combined with fertilizers in the growth of micropropagated seedlings of Cavendish banana (Musa spp. AAA, an experiment was conducted in a randomized block design, in a 5 x 3 factorial scheme, with four repetitions. The substrates used were: S1 – subsoil land + carbonized rice hull + Rendmax Floreira®; S2 - subsoil land + carbonizedrice hull + Organifol®; S3 - subsoil land + carbonized rice hull + Organifol® 9% SiO; S4 - Technes Vivatto®; S5 - thick sand + carbonized rice hull + Rendmax Floreira®. The fertilizer sources were: SA – without fertilizer; LL – slow-release fertilizer - Osmocote® 3M 14-14-14 (5.0 kg m-3 mixed in the substrate; and LN – normal-release fertilizer, 14-14-14 (7.5 g seedling-1 applied in

  15. Application of different fertilizers in substrate for Kalanchoe luciae Raym.-Hamet cultivation Aplicação de diferentes fertilizantes em substrato de cultivo de Kalanchoe luciae Raym.-Hamet

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Andrade Lessa

    2009-08-01

    Full Text Available Succulents present great commercial importance, but information on the cultivation of these plants are not enough, especially considering the use of fertilizers during the growth phase. The objective of this study was to evaluate the effect of different fertilizers applied to the substrate in the cultivation of Kalanchoe luciae Raym.-Hamet. Cuttings measuring 6 cm in height and 12 cm in diameter were cultivated in 1.5 L pots containing the substrate (1 soil: 1 sand: 1 vermiculite. In this experiment, the effect of the fertilization based on NPK 10:10:10 was evaluated with and without the addition of a fertilizer mixture composed of 5 g bone flour, 5 g dolomite limestone, and 50 g ground charcoal, this proportion that was used for each 1.5 L substrate. After 60 days, an increase in the number of leaves, which was proportional to the increase in the doses of NPK applied, was verified. Even though the plants presented higher number of leaves (18.34 and higher height (18.73 cm for the substrate with 1.5 g L-1 of NPK 10:10:10, plants did not reach the compact aspect suggested by some producers. The addition of fertilizer mixture presented no effect on the leaves number and neither to the plant height, however, it was observed that the plants that received the fertilizer mixture presented the fifth leaf with bigger diameter. None of the treatments favored the formation of one of the most important characteristics of this species, the reddish color on the borders of the leaves.As suculentas apresentam grande importância comercial, mas, as informações sobre o cultivo destas plantas ainda são escassas, especialmente em relação à fertilização durante a fase de crescimento. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de diferentes adubações no substrato para cultivo de Kalanchoe luciae Raym.- Hamet. Mudas com 6 cm de altura e 12 cm de diâmetro foram cultivadas em vasos de 1,5 L, contendo o substrato (1 terra:1 areia: 1 vermiculita. Avaliou

  16. Produção de pimentão em substratos e fertirrigação com efluente de biodigestor Pepper production in substrates using fertigation with biological reactor effluent

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago L. Factor

    2008-04-01

    Full Text Available O aproveitamento do efluente de biodigestor em fertirrigação e a utilização do esterco de suínos seco como componente do substrato, ao mesmo tempo em que diminuiriam o custo de produção da cultura do pimentão, evitariam o descarte desses resíduos no meio ambiente. Neste trabalho se objetivou avaliar a produtividade e a qualidade de frutos de pimentão vermelho híbrido 'Margarita' adotando-se o delineamento experimental fatorial 4 x 3 em blocos casualizados, sendo 4 substratos (S1, S2, S3 e S4 e 3 soluções nutritivas: solução nutritiva mineral (SN1, solução nutritiva à base de efluente de biodigestor, complementada com fertilizantes minerais (SN2 e solução nutritiva à base de efluente de biodigestor (SN3. A utilização das diferentes misturas que originaram os respectivos substratos, pode ser recomendada com boas perspectivas de produção e qualidade de frutos, com exceção do S1, que mostrou ser inferior aos demais, em termos de qualidade de frutos. A substituição parcial de fertilizantes minerais pelo efluente de biodigestor à base de dejetos de suínos, não foi suficiente para proporcionar produtividade equivalente à adubação 100% mineral; entretanto, alcançou padrões de qualidade semelhantes e com boa produtividade.The use of biological reactor effluent in fertigation and use of dry swine waste as a component of the substrate, would lower the cost of production and prevent discarding residues in the environment. Based on that, the objective of this research was to evaluate both yield and quality of pepper fruits, adopting the factorial scheme 4 x 3 in randomized blocks, with 4 substrates (S1, S2, S3 e S4 and 3 nutrient solutions: mineral nutrient solution (SN1, nutrient solution as based on biological reactor effluent boosted with mineral fertilizers (SN2 and nutrient solution based on biological reactor effluent (SN3. The different mixtures that yielded different substrate could be recommended for both fruit

  17. Variação da temperatura do substrato e fotossíntese em mudas de laranjeira 'Valência' Root temperature variation and photosynthesis of 'Valencia' sweet orange nursery trees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Rodrigues Magalhães Filho

    2009-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da temperatura do substrato nas trocas gasosas, atividade fotoquímica e relações hídricas, em plantas jovens de laranjeira 'Valência' enxertadas sobre limoeiro 'Cravo'. Foram utilizadas mudas com seis meses de idade. O experimento foi conduzido em câmara de crescimento, em que o substrato foi mantido a 10, 20 (controle ou 30oC, e a temperatura do ar variou de 25 a 20oC entre o dia e a noite, com fotoperíodo de 12 horas e densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos de 800 µmol m-2 s-1. Mediu-se, em cada tratamento, a assimilação de CO2 em resposta à concentração de CO2 no mesofilo, a fluorescência da clorofila a e o potencial da água na folha às 6 e às 13h. A temperatura de 30oC promoveu aumento na assimilação de CO2, em razão de fatores difusivos e metabólicos, tendo-se observado aumento na eficiência máxima de carboxilação (Vc, máx, na regeneração da ribulose-1,5-bisfosfato, (Jmáx e nas condutâncias estomática (gs e do mesofilo (gi, em relação à temperatura controle. A menor temperatura causou aumento do dreno alternativo de elétrons e queda da assimilação de CO2, em consequência de limitações difusivas e metabólicas, evidenciadas por decréscimos em gs, gi, Vc, máx e Jmáx.The aim of this work was to evaluate the influence of the substrate temperature on gas exchange, photochemical activity and water relations in 'Valencia' sweet orange grafted onto 'Rangpur' lime. Six-month-old nursery trees were used. The experiment was carried out in a growth chamber, where the root system was maintained at 10, 20 (control or 30ºC, the air temperature varied between 25 and 20ºC from day to night, the photoperiod and photosynthetic photon flux density were set to 12 hours and 800 µmol m-2 s-1, respectively. The CO2 assimilation rates in response to the intercellular CO2, chlorophyll a fluorescence and leaf water potential at 6 h and 13 h were

  18. Avaliação do desenvolvimento morfológico inicial de quatro espécies de leguminosas arbóreas sob diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jéferson Alves dos Santos

    2009-04-01

    proporcionaram bons resultados em crescimento em diâmetro, altura e número de folhas, podendo os três substratos serem usados na produção de mudas desta espécie. Para a espécie o substrato mais indicado foi o S2 e para a espécie o substrato S1 foi o mais indicado.

  19. Enraizamento de miniestacas de espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek em diferentes substratos Rooting of espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek minicuttings on different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Macedo de Lima

    2009-04-01

    Full Text Available Pertencente à família Celastraceae, a espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek é uma espécie medicinal nativa da região sul do Brasil, utilizadas no tratamento de gastrite e úlceras gástricas. Estudos sobre a produção de mudas por meio de estaquia demonstraram que esta espécie é considerada de difícil enraizamento. Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar os efeitos de diferentes substratos no enraizamento de miniestacas de espinheira-santa. Miniestacas apicais foram coletadas a partir das brotações das minicepas de 10 meses de idade, mantidas em casa-de-vegetação e confeccionadas com 3 a 4cm de comprimento, mantendo-se duas folhas com a superfície reduzida à metade. O plantio foi realizado em caixas contendo areia e tubetes contendo casca de arroz carbonizada, Plantmax HT® ou vermiculita de granulometria fina como substrato. As miniestacas foram mantidas em casa-de-vegetação com nebulização intermitente e 90 dias após o plantio, foram avaliadas as características: porcentagem de estacas enraizadas, número e comprimento médio de raízes, porcentagem de estacas com calos, sobrevivência e mortalidade. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com 4 tratamentos e 4 repetições de 22 estacas por parcela. A análise estatística revelou que os substratos areia (92,04%, casca de arroz carbonizada (88,66% e Plantmax HT® (94,31% apresentaram índices de enraizamento significativamente superiores à vermiculita (78,41%, além de menores taxas de mortalidade, sendo que a propagação vegetativa de espinheira-santa por meio de miniestaquia é viável.Espinheira-santa (Maytenus ilicifolia Mart. ex Reissek, which belongs to the Celastraceae family, is a medicinal species native to the south region of Brazil, used in gastritis and gastric ulcer treatment. Studies about plant production by cutting have shown that this species is considered difficult to root. The purpose of this work was to evaluate

  20. Produção hidropônica de alface cv. Verônica em diferentes substratos Yield response of hydroponic lettuce grown on three different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helton L. Tavares

    1999-11-01

    Full Text Available Em um experimento realizado na Fazenda Água Limpa da Universidade de Brasília, (DF, no período de setembro a novembro de 1997, foi avaliado o desempenho da alface, cultivar Verônica, em diferentes substratos, sob cultivo hidropônico. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado com três tratamentos: casca de arroz, brita e seixo, em 25 repetições. Após 62 dias de cultivo as plantas foram colhidas e avaliadas. Observou-se o peso da planta e da raiz, o número de folhas e o diâmetro da cabeça. As folhas mais novas foram coletadas para análise de macro e micronutrientes. As plantas que se desenvolveram em casca de arroz apresentaram peso, tanto de planta quanto de raiz, significativamente superior ao observado nos outros dois tratamentos. Não foi observada diferença estatística significativa para peso de planta e de raiz nos tratamentos brita e seixo. Quanto ao número de folhas e diâmetro da cabeça foram observadas diferenças estatísticas significativas entre todos os tratamentos, sendo que ambos foram maiores em plantas cultivadas em casca de arroz, seguida da brita e seixo. Não houve diferença estatística significativa na absorção de macronutrientes entre os tratamentos. As plantas cultivadas em casca de arroz absorveram significativamente menos zinco e cobre que as plantas cultivadas nos outros dois substratos.In an experiment carried out between September and November 1997 at Fazenda Água Limpa, Universidade de Brasília, Brazil, growth and yield of lettuce cultivar Verônica were evaluated on three different substrates in a hydroponic system. The experimental design was a complete randomized block with three treatments: rice husk, gravel and pebble, with 25 replicates. After 62 days, plants were collected and plant and root weight, number of leaves and head diameter were evaluated. The younger leaves from plants from all treatments were also collected for macro and micronutrients analyses. Plants grown on

  1. Alterações nas propriedades físicas de substratos para cultivo de tomate cereja, em função de sua reutilização Effects of the reutilization of substrates on its physical properties on growing cherry tomato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Fernandes

    2006-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações nas propriedades físicas de substratos em função de sua reutilização para o cultivo do tomateiro do grupo cereja, cultivar Sindy. O delineamento experimental adotado foi em parcelas subdivididas com os sete substratos (nas parcelas e três épocas de caracterização física dos substratos (nas subparcelas. As parcelas foram agrupadas em blocos casualizados, com quatro repetições. Os sete substratos resultaram da combinação de diferentes proporções volumétricas de três componentes: areia, bagaço de cana-de-açúcar e casca de amendoim. As propriedades físicas dos substratos avaliadas foram submetidas à análise de variância, sendo as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A reutilização do substrato composto por partes iguais dos três componentes promoveu aumento da densidade seca e do volume de água facilmente disponível, e redução da porosidade total, do espaço de aeração e do volume de água remanescente.The objective of this work was to evaluate the effects of the reutilization on the physical properties of different types of substrate used to grow cherry tomato, at Jaboticabal, São Paulo State, Brazil (21º14'05" S, 48º17'09" W. We used the split-plot experimental design with complete randomized blocks and four replications. In the plots were placed seven types of substrates, and in the subplots, three periods of physical characterization of the substrates. The seven substrates were prepared with different combinations of three materials: sand, crushed sugarcane and peanut bark. The physical properties evaluated were submitted to variance analysis and the averages were compared by the Tukey test, at 5% probability level. The reutilization of the substrate prepared with equal parts of the three components promoted the increase of bulk density and easily available water content, and the decrease of total porosity, aeration space, and

  2. SUBSTRATOS ALTERNATIVOS NO CRESCIMENTO DE PLÂNTULAS DE RABANETE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Alvarez Cabanez

    2017-01-01

    Full Text Available O substrato é um dos fatores que desempenham papel importante na germinação e no sucesso do crescimento da planta. O objetivo foi avaliar o efeito de diferentes substratos em plântulas de rabanete. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos de quatro repetições e 25 plantas por repetição para avaliação das plântulas aos 12 dias após a semeadura. O experimento foi realizado na intensidade de luminosidade de 100%. Foram utilizados quatro substratos (S1, S2, S3 e S4. Foram realizadas as seguintes avaliações aos 12 dias da semeadura: altura, comprimento do sistema radicular, matéria fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular, índice de velocidade de germinação e porcentagem de germinação. Conclui-se que os substratos utilizados para propiciar germinação e crescimento das plântulas de rabanete foram aqueles em mistura com húmus de minhoca e esterco bovino.

  3. Substratos na indução e desenvolvimento in vitro de raízes em dois porta-enxertos de macieira Substrates for in vitro adventitious root induction and development on two apple rootstocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Hoffmann

    2001-11-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estudar o efeito da vermiculita e do Plantmax como substratos alternativos ao ágar durante a indução e o desenvolvimento in vitro de raízes dos porta-enxertos de macieira 'Marubakaido' e 'M-26'. Foram utilizadas brotações apicais previamente cultivadas in vitro. O experimento foi dividido em duas fases. Na primeira fase, os tratamentos consistiram no uso de três substratos para a indução do enraizamento: ágar, Plantmax + ágar e vermiculita + ágar, com meio MS/2 acrescido de vitaminas, glicina, mio-inositol, sacarose e ácido indolbutírico (AIB. Após sete dias neste meio, as brotações foram recultivadas para meio MS com ágar (7 g L-1, sem AIB. Na segunda fase, foram testados três substratos para o desenvolvimento das raízes adventícias (ágar, Plantmax e vermiculita, umedecidas com meio MS, após sete dias de indução em meio com ágar (7 g L-1. O efeito dos tratamentos foi estudado no ambiente in vitro e durante a aclimatização das plantas. O ágar, na fase de indução do enraizamento e o ágar ou Plantmax, na fase de desenvolvimento das raízes adventícias, proporcionaram os melhores resultados, tanto para 'Marubakaido' como para 'M-26', no enraizamento in vitro e durante a aclimatização.This work was carried out to study the effect of vermiculite and Plantmax as alternative substrates for agar during both in vitro rooting induction and adventitious root development on 'Marubakaido' and 'M-26' apple (Malus domestica Borkh. rootstocks. Apical shoots previously maintained in vitro were used. This experiment was divided in two phases. On phase 1, treatments were constituted by three substrates for rooting induction: agar, Plantmax + agar and vermiculite + agar, with MS/2 medium with vitamins, glicyne, myinositol, sucrose and indolebutyric acid (IBA. After seven days in this medium, shoots were transferred to medium with agar (7 g L-1 and without IBA. On phase 2, three substrates were

  4. Yield and quality of tomato produced on substrates and with application of humic acids Produtividade e qualidade de tomate produzido em substratos e com aplicação de ácidos húmicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio A de Lima

    2011-09-01

    Full Text Available The aim of this work was to evaluate the yield and quality of tomato fruits, hybrid "Vênus", produced on substrates and with application of nutrient solution and humic acids (AH. Four doses of AH were evaluated (0, 20, 40 and 80 L ha-1 and 4 substrates: S1 (coconut fiber (CF, S2 (FC + carbonized coffee husk (CC in the ratio 1:3, S3 (CF + CC in the ratio 2:3 and S4 (CC, were evaluated following the randomized blocks design in factorial 4x4 scheme with four replications. The 35-day old seedlings were transplanted into plastic bags of 7 L. The humic acids were applied four times in eight-day intervals, and the first application was carried out eight days after transplanting. There was no significant effect of AH on the yield and quality of fruit, except in relation to soluble solids (SS/titratable acidity (AT. Doses of up to 36 L ha-1, increase the AT, above that amount favored increase of SS. The carbonized coffee husk in treatments S2, S3 and S4, did not alter the production of small fruits, medium, non-commercial, moisture, pH, SS, AT and SS/AT, however, significantly reduced the total production, commercial and large size fruit. The production of fruits in S1 was significantly higher compared to the other treatments, with an average of 142.6 t ha-1, showing average increase in yield of 24.4%, 29.3% and 36.1% compared to plant of treatments S2, S3 and S4, respectively.Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a produtividade e qualidade de frutos de tomateiro, híbrido Vênus, produzidos em substratos, com aplicação de solução nutritiva e de ácidos húmicos (AH. Foram avaliadas 4 doses de AH (0, 20, 40 e 80 L ha-1 e 4 substratos: S1 (fibra de coco (FC, S2 (FC + casca de café carbonizada (CC na proporção 1:3, S3 (FC + CC na proporção 2:3 e S4 (CC. O delineamento experimental foi em blocos casualizados distribuídos em esquema fatorial 4x4. As mudas foram transplantadas com 35 dias para sacolas plásticas com capacidade de 7

  5. Comparativo Do Potencial De Produção De Metano Utilizando Glicerol E Sacarose Como Substrato Orgânico, Em Reatores Operados De Forma Descontínua Alimentada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Indianara Cataneo

    2016-10-01

    Full Text Available A crise energética que vem preocupando, não só o Brasil, mas todo o mundo, traz a necessidade da busca por fontes energéticas alternativas, ou seja, energias que causem menos impacto ao meio ambiente. Outro problema enfrentado atualmente é a geração de resíduos e efluentes, que demandam tratamentos e controles adequados. A utilização de biogás como fonte renovável de energia vem se mostrando atrativa, considerando a utilização de resíduos e efluentes como substrato orgânico, com produção energética através de processos de digestão anaeróbia. O objetivo deste trabalho foi comparar o potencial de geração de biogás e metano gerado pelo glicerol, subproduto oriundo de indústrias de fabricação de biodiesel, e sacarose, caracterizada por possuir fácil degradabilidade. Foram testados sistemas de digestão anaeróbia de operação descontínua alimentada em reatores de bancada (19,2L de volume útil. Três situações foram avaliadas, 3, 6 e 9% de matéria orgânica em relação ao volume útil dos reatores. O tempo de detenção hidráulica foi de 15 dias para cada situação proposta. Finalizado os experimentos, verificou-se que o glicerol possui maior potencial para a geração de biogás e metano em relação à sacarose, nas concentrações de alimentação utilizadas.

  6. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carrijo Osmar Alves

    2002-01-01

    Full Text Available A produção comercial de mudas e o cultivo sem solo de hortaliças estão se tornando práticas comuns entre os olericultores. Vários materiais orgânicos como as turfas, resíduos de madeira, casca de pinus e de arroz parcialmente carbonizada ou não, ou materiais inorgânicos como areia, rochas vulcânicas, perlita, lã de rocha e a espuma fenólica já são utilizados como substratos, isoladamente ou em composição. A casca de coco verde que em muitas regiões causa transtorno ao serviço de limpeza pública pelo volume e pela dificuldade de decomposição produz uma fibra que pode ser utilizada como substrato. Para a produção da fibra, a casca de coco verde é picada, desfibrada, triturada, lavada e secada. Para o uso como substrato na produção de mudas, a fibra deve passar por um processo de compostagem. Este processo não é necessário para o uso como substrato em cultivo sem solo, mas no entanto, o substrato necessitará ser enriquecido com nutrientes em pré-plantio ou em fertirrigação. O uso do substrato da fibra de coco verde na produção de tomate em casa de vegetação, alcançou, em termos absolutos, 13,2 kg m-2 de frutos comerciais (média de 3 anos cerca de 7,3% mais que o segundo melhor substrato, o pó de serra com 12,3 kg m-2.

  7. Concentração salina e fases de exposição à salinidade do meloeiro cultivado em substrato de fibra de coco Salt concentration and phases of exposure tosalinity of melon grown in coconut fiber substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildo da Silva Dias

    2011-09-01

    Full Text Available No semiárido, a escassez de água de boa qualidade faz com que os produtores utilizem água salobra para preparar a solução nutritiva. Com o objetivo de investigar a utilização de água salobra na irrigação de meloeiro (Cucumis melo L., cv. AF 015 cultivado em substrato de fibra de coco em casa de vegetação, plantas foram nutridas com soluções salinas de condutividades elétricas (CEs 1,1 (testemunha; 2,5; 4,0 e 5,5 dS m-1 aplicadas durante as fases: crescimento vegetativo (10-30 dias após o transplantio-DAT; florescimento (31-50 DAT e frutificação e maturação (51-70 DAT. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com 12 tratamentos arranjados em um esquema fatorial 4x3 (níveis de salinidade x tempo de exposição dos sais, com três repetições. Houve correlação na perda relativa por incremento de CEs das variáveis de crescimento e de produção do meloeiro em função da salinidade da solução nutritiva para cada fase de exposição. As soluções nutritivas preparadas com água salobra podem ser utilizadas no cultivo do meloeiro em substrato de fibra de coco com o mínimo de perdas relativas de massa média de frutos por incremento de CEs, quando aplicadas na fase de florescimento.Scarcity of good water quality in semiarid region causes producers to use brackish water to prepare the nutrient solution. In order to investigate the use of brackish water in irrigation of greenhouse-melon (Cucumis melo L., cv. AF 015 grown in coconut fiber substrate, plants were irrigated with saltine nutrient solutions of electrical conductivities (ECs of 1.1 (control, 2.5, 4.0 and 5.5 dS m-1, applied during the phases of vegetative growth (10-30 days after transplanting, DAT, flowering (31-50 DAT and fruiting and ripening (51-70 DAT. The design was completely randomized, with 12 treatments arranged in a 4x3 factorial design (salinity levels x exposure time of the salts, with three replications. There was a correlation in

  8. Enraizamento de estacas lenhosas de pessegueiro cv. Okinawa em diferentes diâmetros de ramos, substratos e recipientes Rooting of peach cv. Okinawa hardwood cuttings at different stem diameters, substrates, and pots

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro Brasil Dias Tofanelli

    2003-06-01

    Full Text Available O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Produção Vegetal - Setor Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP, Campus de Botucatu (SP com o objetivo de avaliar a influência de diferentes substratos e tipos de recipientes no potencial de enraizamento de estacas lenhosas de pessegueiro cultivar Okinawa com diferentes diâmetros. As estacas foram tratadas com 2,5g L-1 de ácido indol-butírico. O período de permanência das estacas na casa de vegetação foi de 50 dias. Os tratamentos consistiram de seis substratos: areia, casca de arroz carbonizada, vermiculita, areia + casca de arroz carbonizada, areia + vermiculita e casca de arroz carbonizada + vermiculita, com as misturas na proporção 1:1v/v, três tipos de recipientes: sacos plásticos, bandejas de poliestireno expandido e bandejas plásticas e dois grupos de estacas com diâmetros diferentes: 2 a 6mm e 6 a 10mm. O melhor resultado de enraizamento foi obtido em sacos plásticos com vermiculita independente do diâmetro das estacas.This work was carried out at the Department of Plant Production/Horticulture of the Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA of the Universidade Estadual Paulista (UNESP located in Botucatu (SP, Brazil. The purpose of this study was to evaluate the influence of substrate and pot type on rooting of stem hardwood cuttings of peach cultivar Okinawa with different diameters. The cuttings were treated with 2.5g L-1 of IBA. The cuttings were maintained in greenhouse for 50 days. The treatments consisted of the combination of six substrate compositions: sand, carbonized rice husk, vermiculite, sand + carbonized rice husk, sand + vermiculite, and carbonized rice husk + vermiculite, mixture at proportion 1:1v/v and three types of pots: plastic bags, polystyrene trays, plastic trays and two groups of cutting diameter: 2 to 6mm and 6 to 10mm. The highest rooting frequency was obtained

  9. Crescimento de mudas de gravioleira (Anonna muricata L. em substrato com superfosfato simples e vermicomposto Growing of soursup seedlings (Anonna muricata L. in substrate with simple superphosphate and earthworm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Spaggiari Souza

    2003-12-01

    Full Text Available Objetivando avaliar o efeito de diferentes doses de superfosfato simples e vermicomposto no crescimento de mudas de gravioleira (Anonna muricata L., conduziu-se um experimento no Setor de Fruticultura da Universidade Federal de Lavras. Foram testadas, num Latossolo, quatro doses de superfosfato simples (0,0; 2,5; 5,0 e 10,0 kg e quatro doses de vermicomposto (0; 10; 20 e 40% m-3 de substrato. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso em esquema fatorial 4 x 4, com 4 repetições. Foram realizadas as seguintes determinações: altura de plantas (cm, diâmetro do caule (cm, número de folha/planta, área foliar (cm².planta-1, matéria seca de folha, do caule e de raiz (g.planta-1. Os resultados demonstraram que a aplicação de superfosfato simples na dose de 5 kg e 40% de vermicomposto por m³ de substrato proporcionaram a obtenção de mudas de gravioleira mais vigorosas.An experiment was conducted at the fruits sector of the Lavras Federal University -UFLA in order to evaluate the effect of different amounts of earthworm and simple superphosphate in the growing and nutrition of soursup seedlings (Anoma muricata L.. Four dosages of simple superphosphate (0,0; 2,5; 5,0 and 10,0 kg m-3 of substratum and four dosages of earthworm (0,0%; 10,0%; 20,0% and 40,0% of volume were tested at Latosol. The experimental design was randomized block in a two factors arrangement (4x4 with 4 replicates. The plants height (cm; stem diameter (cm; matter of the aerial part and roots (g per plant; number of leaves per plant and leaves area (cm².plant-1 were evaluated. The results showed that the use of simple superphosphate at 5kg m-3 with 40,0% of earthworm provided soursup seedlings with superior quality compared to the others.

  10. Rooting of indian berry stem cuttings influenced by the substrate in dibble tubes/ Enraizamento de estacas caulinares de acerola em função da composição do substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olmar Baller Weber

    2005-05-01

    Full Text Available The production of nursery is one of the most important steps in fruit crop systems. The rooting of semihardwood cuttings is largely influenced by the substrate composition, container, matrix genotype and physiological stage. The aim of this work was to evaluate the effect of different substratum composition on growth of berry plant genotypes propagated by stem cutting in dibble tubes condition under na intermittent nebulization system in green house, during 60 days. A block factorial design (4x2 comprising four organic sources e two berry genotypes was established. The organic sources of humus (vermicompost, carbonized rice hulls, ripe coir dust and leave dust from carnaúba (Copernicia cerifera were mixed with na arenic Hapludult (1:1 proportions, v/v to rooting and growth of P-91 and P-26 berry genotypes in tubules condition. Rooting percentage, dry mass of roots (g, number of leaves (NF and dry mass of aerial part (g were measured. The soil and humus mixture was suitable for rooting of semihardwood cuttings and was reflected on the number of leaves and aerial dry mass accumulation. The berry genotype P-26 presented potential for cutting process.A produção de mudas de espécies frutíferas é uma das mais importantes etapas do sistema produtivo. A formação de mudas por enraizamento de estacas é influenciada em grande parte pela composição do substrato, genótipo, recipiente e estádio fisiológica da planta matriz. Este trabalho objetivou avaliar os efeitos de diferentes substratos nas variáveis de crescimento de progênies de aceroleira obtidas por estaquia, em tubetes, sob condições de nebulização intermitente em casa de vegetação, durante 60 dias. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial de 4x2, (quatro fontes de matéria orgânica e dois genótipos. As fontes orgânicas de húmus, casca de arroz carbonizada, pó de casca de coco e bagana de carnaubeira foram misturadas ao Argissolo Vermelho

  11. Monascus pigment production in bioreactor using a co-product of biodiesel as substrate Produção de pigmentos monascus em biorreator utilizando um co-produto do biodiesel como substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rose Marie Meinicke Bühler

    2013-02-01

    Full Text Available The study and use of natural pigments in food industries have increased in recent years due to the toxicity presented by artificial pigments. Monascus ruber is a filamentous fungus that produces red, orange, and yellow pigments under different growing conditions. The growth of health food market has increased in parallel with the growth in biofuels production, such as biodiesel, which generates a concomitant increase in the production of glycerin that can be used in bioprocesses. The objective of this study was to use glycerin and glucose as substrates in the production of natural pigments in a bioreactor. The culture of Monascus ruber was carried out in a Bioflo III reactor with 4 L of working volume and pH, temperature, aeration, and agitation control. The highest pigment production was observed after 60 hours of fungal culture with 8.28 UA510 of red pigment. The pH range remained from 5.45 to 6.23 favoring the release of red pigment in the medium. This study shows the feasibility of the production of natural pigments by Monascus ruber in a bioreactor using a co-product of biodiesel without previous treatment as a substrate.O estudo e o uso de pigmentos naturais nas indústrias de alimentos têm aumentado nos últimos anos devido à toxicidade apresentada pelos pigmentos de origem artificial. Monascus ruber é um fungo filamentoso conhecido por produzir pigmento vermelho, laranja e amarelo sob diferentes condições de cultivo. Paralelo ao crescimento do mercado de alimentos naturais cresce o de biocombustíveis, como é o caso do biodiesel, que gera concomitantemente um aumento na produção de glicerina, podendo esta ser utilizada em bioprocessos. O objetivo deste estudo foi utilizar glicerina e glicose como substratos para produção de pigmentos naturais em biorreator. O cultivo foi realizado em biorreator Bioflo III, com volume útil de 4 L, equipado com controle de temperatura, pH, vazão de aeração e frequência de agitação. A maior

  12. Características biométricas de mudas de Tabebula chrysotricha(standl. formadas em diferentes substratos e soluções de fertirrigação, quando plantadas em campo Biometric characterizations of Tabebula chrysotricha (standl. seedlings formed in different substrates and fertirrigation solutions, when planted in fields

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabele Sarzi

    2010-04-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou estudar as características biométricas de plantas de ipê-amarelo (Tabebuia chrysotricha Standl. formadas, na fase de viveiro, em função de quatro substratos, variando as soluções de fertirrigação. Para compor os substratos, foram utilizadas fibras de coco fibrosa e granulada, formando os tratamentos 100% fibrosa, 60% fibrosa e 40% granulada, 40% fibrosa e 60% granulada e 100% granulada. A adubação de base foi igual em todos os tratamentos, e as soluções de adubação variaram, a fim de se obterem soluções completas com condutividades elétricas de 1,06 dS m-1; 2,12 dS m-1; 3,2 dS m-1; e 4,24 dS m¹. As sementes foram colocadas diretamente nos tubetes (120 mL contendo os respectivos substratos e receberam as fertirrigações por subsuperfície uma vez por semana, respeitando-se os tratamentos de adubação. Quando as mudas atingiram aproximadamente 20 cm de altura, elas foram realocadas sob tela de 9% de sombreamento, onde permaneceram até o plantio, em Taubaté, SP. Mudas produzidas em fibra de coco 100% granulada alcançaram, em campo, maiores alturas, diâmetros de coleto e número de folhas. Apesar das diferentes soluções de fertirrigação aplicadas, as alturas de parte aérea se igualaram a partir dos 167 dias após o plantio em campo. Recomendase a produção de mudas de ipê-amarelo (T. chrysotricha em substratos contendo fibra de coco granulada e soluções de fertirrigação com condutividade elétrica de 1,06 dS m-1.The work aimed to study the formation of Tabebuia chrysotricha Standl. seedlings in function of four substrates, varying the fertirrigation solutions. To compose the substrate, fibrous and granulated coconut fiber was used, obtaining the following treatments: 100% fibrous, 60% fibrous and 40% granulated, 40% fibrous and 60% granulated and 100% granulated. The base fertilization was the same for all treatments and the solutions of fertilization varied in order to obtain complete

  13. Attachment of the peritrich epibiont Zoothamnium intermedium Precht, 1935 (Ciliophora, Peritrichia to artificial substrates in a natural environment Colonização de substratos artificiais pelo peritríquio epibionte Zoothamnium intermedium Precht, 1935 (Ciliophora, Peritrichia, em um ambiente natural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LRP. Utz

    2008-11-01

    Full Text Available Peritrich ciliates are commonly found as epibionts, colonizing living organisms, or attached to non-living substrates in freshwater, estuarine and marine environments. Several species of peritrich epibionts are obligate, which means that they are able to only colonize other organisms, while others are facultative attaching to living or non-living substrates. The peritrich Zoothamnium intermedium is commonly found as epibiont on the copepod species Acartia tonsa and Eurytemora affinis in Chesapeake Bay, USA. Previous studies demonstrated that Z. intermedium is not able to attach to non-living substrates in the laboratory; with free-swimming stages (telotrochs dying when living substrates are not available for colonization. The present study investigated the ability of Z. intermdium to colonize artificial substrates in the field. Observations were carried out while the peritrich ciliate was colonizing copepods in Rhode River, a tributary of Chesapeake Bay. Results demonstrated that four species of Zoothamnium were recovered from artificial substrates, but none of them was Z. intermedium. At the same time, Z. intermedium was colonizing adults and copepodites of E. affinis and A. tonsa during the whole study period. These results, in addition to laboratory observations, suggest that Z. intermedium is an obligate epibiont.Ciliados peritríquios são normalmente encontrados como epibiontes, colonizando substratos vivos, ou em substratos inanimados em ambientes de água doce, estuarinos e marinhos. Muitas espécies de peritríquios epibiontes podem ser consideradas obrigatórias quando estão aptas a colonizar apenas substratos vivos, ou facultativos quando conseguem colonizar substratos vivos ou inanimados. A espécie de ciliado peritríquio Zoothamnium intermedium é encontrada colonizando os copépodos Acartia tonsa e Eurytemora affinis na Chesapeake Bay, EUA. Estudos preliminares demonstraram que Z. intermedium não consegue colonizar substratos

  14. Crescimento de mudas de craibeira em substrato de co-produto sob fertilização química e orgânica

    OpenAIRE

    Silva, Girlanio Holanda; UFLA; Santos, Rivaldo Vital; UFCG; Gomes, Artur Diego Vieira; UFCG

    2015-01-01

    Este trabalho avaliou o efeito de diferentes doses de matéria orgânica bovina e fertilização PK em mudas de craibeira cultivados em co-produto de vermiculita. Os parâmetros avaliados foram: altura, diâmetro, massa seca de raiz (MSR), massa seca de parte aérea (MSPA), número de folhas (NF), massa seca total (MST), comprimento radicular (CR) e IQD. Os resultados mostraram haver efeito quadrático significativo entre os tratamentos com MO em todos os parâmetros, contudo, não diferiram estatistica...

  15. Comparative study of the dental substrate used in shear bond strength tests Estudo comparativo do tipo de substrato dental utilizado em testes de resistência de união ao cisalhamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Baena Lopes

    2003-06-01

    amostras cada, de acordo com o sistema de união utilizado: 1 Scotchbond Multi-Uso (SBMU; e 2 Clearfil Liner Bond 2V (CLB2V. Em seguida, confeccionou-se um cilindro do compósito Z100 (4 mm de diâmetro x 5 mm de altura utilizando-se uma matriz bipartida, para submeter os corpos-de-prova ao ensaio de cisalhamento numa máquina de ensaio Instron com velocidade de 0,5 mm/min. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias, ao teste de Tukey (5%. Em esmalte, não se verificou diferença estatística entre os dentes humanos e bovinos para os materiais SBMU (7,36 MPa, humano; e 8,24 MPa, bovino e CLB2V (10,01 MPa, humano; e 7,95 MPa, bovino. Verificou-se que o SBMU apresentou média estatisticamente inferior em dentina humana (7,01 MPa, quando comparado à dentina bovina (11,74 MPa. Para o material CLB2V, não houve diferença estatística entre os substratos humano (7,43 MPa e bovino (9,27 MPa.

  16. Propriedades físicas e químicas de substratos renováveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagma Kratz

    2013-12-01

    Full Text Available A necessidade premente de aumento no número de mudas plantadas anualmente, bem como a crescente diminuição na disponibilidade de matérias-primas tradicionais para composição de substratos, tem levado à necessidade do desenvolvimento de estudos que visam à avaliação e disponibilização de novos materiais para sua composição técnica e economicamente eficientes. Em vista disso, este estudo objetivou analisar as propriedades físicas e químicas de substratos formulados com base em materiais renováveis e de grande disponibilidade (fibra de coco, casca de arroz carbonizada em diferentes granulometrias, biossólido e casca de pinus semidecomposta, bem como suas intercorrelações. Para tanto, foram formulados 41 substratos, os quais tiveram suas propriedades físicas e químicas avaliadas. Com base nos resultados, pôde-se concluir que, pelas suas propriedades físicas e químicas, uma série de materiais renováveis e, ou, resíduos agroindustriais e humanos se adéquam para serem utilizados como componentes na formulação de substratos para produção de mudas florestais, embora os conteúdos de alguns nutrientes em determinados substratos devam ser ajustados via adubação de base. Em vista do fato de as propriedades físicas serem mais decisivas na escolha de determinada formulação de substrato, entre os componentes e misturas avaliadas se pode concluir que os substratos formulados à base de fibra de coco e casca de arroz carbonizada se mostraram mais adequados.

  17. Celulas solares e sensores de filme fino de silicio depositados sobre substratos flexiveis =

    Science.gov (United States)

    Pinto, Emilio Sergio Marins Vieira

    Celulas solares flexiveis de filmes finos de silicio sao geralmente fabricadas a baixa temperatura sobre substratos de plastico ou a mais elevadas temperaturas sobre folhas de aco. Esta tese reporta o estudo da deposicao de filmes finos sobre diferentes substratos de plastico, transparentes e coloridos, para celulas solares do tipo sobrestrato e substrato, respectivamente. Como objetivo co-lateral, os filmes dopados depositados sobre plastico foram usados como sensores de deformacao, utilizando as suas propriedades piezo-resistivas. Elevadas taxas de deposicao dos filmes de silicio depositados sobre plastico foram obtidas a baixa temperatura do substrato (150ºC) por rf-PECVD. A influencia de diferentes parametros de deposicao sobre as propriedades e taxa de deposicao dos filmes resultantes foram estudados e correlacionados. Celulas solares de filmes finos de silicio amorfo e microcristalino foram desenvolvidas a baixas temperaturas sobre plasticos. Eficiencias de 5 – 6.5% foram alcancadas para as celulas amorfas e 7.5% para as celulas microcristalinas. Efeitos de aprisionamento da luz foram estudados atraves da texturizacao por ablacao laser de substratos de plastico e corrosao umida de TCO sobre plastico. Filmes finos de silicio microcristalino, depositados por HW-CVD, com fator piezoresistivo de -32.2, foram usados para fabricar sensores de deformacao em uma membrana plastica muito fina (15 μm). Estruturas de teste em textil e a miniaturizacao dos sensores piezoresistivos depositados sobre substratos flexiveis de poliimida foram abordados.

  18. Propagação por sementes de Schlumbergera truncata (Haw. Moran (flor-de-maio em diferentes substratos - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i3.480 Propagation by seeds of Schlumbergera truncata (Haw. Moran (florde- maio in different substrates - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i3.480

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Biondi

    2007-12-01

    Full Text Available Schlumbergera truncata (Haw. Moran (Cactaceae, conhecida como flor-demaio, é uma espécie herbácea epífita, nativa no Brasil, muito apreciada como planta ornamental pela beleza de suas flores. Esta espécie multiplica-se por sementes, mas comercialmente é propagada por estacas e enxertia. Este trabalho teve como objetivo avaliar a germinação de quatro variedades de cores desta espécie (rosa, vermelha, branca e amarela em cinco substratos (vermiculita de granulometria média, xaxim desfibrado, areia, substrato comercial Rendmax® Floreiras e mistura de 50% do substrato comercial Rendmax® Floreiras + 50% xaxim desfibrado. Os resultados mostraram que a espécie pode ser reproduzida com facilidade por sementes. O substrato comercial Rendmax® Floreiras proporcionou os melhores resultados.Schlumbergera truncata (Haw. Moran (Cactaceae, known as “flor-de-maio”, is a Brazilian endogenous herbaceous epiphytic species, much appreciated as ornamental for the beauty of its flowers. This species is multiplied by seeds, but commercially it is propagated by cuttings and grafting. The aim of this research was to evaluate the germination of four varieties of colors of this species (pink, red, white and yellow in five substrates (vermiculite, de-fibered tree ferns, sand, commercial substrate Rendmax® Floreiras and a mixture of 50% of the commercial substrate Rendmax® Floreiras + 50% tree ferns. The results showed that this species can be easily reproduced by seeds. The commercial substrate Rendmax® Floreiras provided the best germination result.

  19. Crescimento e desenvolvimento do tomateiro cultivado em substrato com reutilização da solução nutritiva drenada Growth and development of tomato plants in substrate with re-use of drained nutrient solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo L. Andriolo

    2003-09-01

    Full Text Available Dois experimentos foram conduzidos em ambiente protegido no outono e na primavera de 2001, com semeaduras em 17 de fevereiro e 3 de julho. O transplante foi feito aos 41 (1º experimento e 36 dias (2º experimento após a semeadura, em sacolas de polietileno com 5,5 dm³ de substrato comercial, instaladas no interior de calhas, com 3,3 plantas m-2. Os tratamentos constituíram-se de três soluções nutritivas, contendo o tratamento T1, em mol L¹: 0,04 de KNO3; 0,027 de Ca(NO32; 0,012 de MgSO4, com adição de 1,5 g L-1 de superfosfato simples e solução de micronutientes. Em T1, forneceu-se uma vez por semana o volume de 1 L de solução nutritiva por planta, totalizando 14,9 g L-1 de macronutrientes. Os tratamentos T2 e T3 consistiram na dose duplicada e triplicada T1, totalizando, respectivamente, 29,8 e 44,7 g L-1 de macronutrientes, fornecidos também uma vez por semana. Os volumes drenados em cada irrigação foram recolhidos e reutilizados nas fertirrigações seguintes, completando-se as quantidades de fertilizantes necessárias para atingir as doses de cada tratamento. Os valores médios de condutividade elétrica (CE da solução drenada foram de 3,7; 6,8 e 8,9 dS m-1 no primeiro e de 3,3; 5,2 e 7,4 dS m-1 no segundo experimento, respectivamente em T1, T2 e T3. Entre os 40 e 82 dias após o transplante (DAT no outono e os 37 e 79 DAT na primavera, foram feitas coletas de plantas para determinar o crescimento e o desenvolvimento. Na primavera, os frutos maduros nas plantas remanescentes foram colhidos e pesados para determinação da produtividade. Não foram observadas diferenças significativas no número de frutos entre os tratamentos. No outono, a massa seca total e vegetativa foi mais baixa no tratamento T3, enquanto a massa seca de frutos foi mais elevada nesse tratamento. Na primavera, as médias das duas primeiras variáveis foram mais baixas em T3, porém a massa seca de frutos não diferiu entre os tratamentos. A

  20. Development of fingerlings of Piracanjuba (Brycon orbignyannus, Vallencienes (1849 (Teleostei: characidae in tanks fertilized with organic manures/ Desenvolvimento de juvenis de Piracanjuba (Brycon orbignyannus, Vallencienes (1849 (Teleostei: characidae em tanques experimentais fertilizados com adubação orgânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmino Hayashi

    2005-06-01

    Full Text Available The objective of this paper was to study the development of Piracanjuba (Brycon orbignyanus in tanks under differents organic fertilizers. The experiment, entirely randomized, was accomplished in 16 tanks of 1000 liters, fertilized with manures of bovine (BOV, pigs (SUI, chickens (FRG and others without fertilizer (SAO, using 15 fish/m3 with an initial average weight and length of 10,87+0,31 g e 9,78+0,07 cm. After 30 days, the experiment showed a uniform development of the fish and high survival rate in thestudied density. The treatments presented significant statistical differences (PO objetivo deste trabalho foi estudar o desenvolvimento de juvenis de Piracanjuba (Brycon orbignyanus, em tanques com adubações orgânicas. O experimento, inteiramente casualizado, foi realizado em 16 tanques de 1000 litros, adubados com estercos de bovinos (BOV, suínos (SUI, frangos de corte (FRG e outros sem adubação (SAO, utilizando 15 peixes/m3 com peso e comprimento médios iniciais de 10,87+0,31 g e 9,78+0,07 cm. Após 30 dias, o experimento mostrou um desenvolvimento uniforme dos peixes e alta taxa de sobrevivência na densidade estudada. Os tratamentos apresentaram diferenças estatisticamente significativas (p < 0,05 para ganho de peso e crescimento diário, com exceção dos tratamentos BOV e SUI quando comparados entre si. A temperatura e o oxigênio dissolvido foram os fatores abióticos que exerceram maior influência sobre a biota aquática, afetando o desenvolvimento dos peixes. Entre o fitoplâncton houve maior abundância de organismos nanoplanctônicos favorecendo o desenvolvimento do zooplâncton, destacando-se as clorófitas, com o gênero Scenedesmus, e as cianofíceas, com o gênero Microcystis, e entre o zooplâncton, a maior abundância foi de rotíferos dos gêneros Brachionus e Keratella, seguido por copépodas. O tratamento adubado com esterco de frangos possibilitou um maior desenvolvimento da comunidade planctônica, e melhores

  1. Acumulação de matéria seca do tomateiro cultivado em substrato com diferentes doses de fertilizantes

    National Research Council Canada - National Science Library

    Grave, Roberto André; Andriolo, Jerônimo Luiz; Bartz, Hardi René

    2001-01-01

    ... os híbridos Diva, Monte Carlo e Saladette, respectivamente. Foi utilizada como referência uma dose semanal com as seguintes quantidades de fertilizantes, em g por planta: 4 de KNO3; 6,3 de Ca(NO3)2...

  2. CULTIVATION OF THE EDIBLE MUSHROOM OUDEMANSIELLA CANARII (JUNGH. HÖHN. IN LIGNOCELLULOSIC SUBSTRATES Cultivo do cogumelo comestível Oudemansiella canarii (Jungh. Höhn. em substratos lignocelulósicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo José Silveira Ruegger

    2001-10-01

    Full Text Available The edible mushroom Oudemansiella canarii (Jungh. Höhn is common in the Brazilian territory, being found in different biomas, where they colonize several plant species. In this study, the O. canarii cultivation was evaluated in polypropilene bags containing sugar-cane bagasse (200 g or eucalyptus sawdust (200 g supplemented with wheat bran (50 g. The composts were sterilized at 121ºC for 1 hour, after cooling they were inoculated with 3 g of spawn and then remained incubated at 25ºC until the basidiomata primordia formation. The mushrooms, harvested after the pilei opening, presented varied sizes reaching 9 cm of diameter and 10 cm of height. The fresh mushrooms presented mild taste and soft consistency. When kept at 4ºC, they maintained good appearance and good consistency for 7 days. In a period of 60 days, the largest basidiomata production was obtained in the compost with sugar-cane bagasse, showing greater productivity (4.47% ± 1.34, biological efficiency (55.66% ± 20.41 and compost consumption (38.78% ± 4.59 averages. Wilcoxon's non-parametric statistical analysis used to compare the biomass production in the two composts, showed significant differences at 5% significance level.O cogumelo comestível Oudemansiella canarii (Jungh. Höhn., é comum no território brasileiro, sendo encontrado em diferentes biomas, onde colonizam várias espécies vegetais. Neste estudo, o cultivo deste basidiomiceto foi realizado em sacos plásticos contendo bagaço de cana-de-açúcar (200 g ou serragem de eucalipto (200 g suplementados com farelo de trigo (50 g. Os substratos foram esterilizados a 121ºC por 1 hora, inoculados com 3 g de grãos de trigo colonizados por micélio do fungo e permaneceram incubados a 25ºC até a formação dos primórdios dos basidiomas. Os cogumelos, colhidos após a abertura do píleo, apresentaram tamanhos variados chegando a atingir 9 cm de diâmetro por 10 cm de altura. Os cogumelos frescos apresentaram paladar

  3. Emergence and initial development of Mimosa caesalpiniifolia Benth. seedlings for different substrates = Emergência e desenvolvimento inicial de plântulas de Mimosa caesalpiniifolia Benth. em função de diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rômulo Magno Oliveira de Freitas

    2012-04-01

    Full Text Available The present study assessed the effects of different substrates on the emergence and initial development of Mimosa caesalpiniifolia Benth seedlings. For this purpose an experiment was done in a greenhouse of the Department of Plant Sciences of Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA, Mossoró-RN. The statistical design was completely randomized (CRD, where treatments were composed of nine substrates (T1: vermiculite, T2: coconut fiber, T3: trade hortimix®, T4: vermiculite, coconut fiber and compost (1: 1:1, T5: coconut fiber and compost (1:1, T6: coconut fiber and compost (1:2,T7: vermiculite and compost (1:1, T8, vermiculite and compost organic (1:2 and T9: organic compost. All treatments were represented by four replications containing 25 seeds. The following variables were evaluated: emergency percentage, emergence rate index, length of shoot and root, stem diameter, dry leaves, stem, root and total leaf area, specific leaf area, leaf area ratio, and leaf weight ratio. Data were submitted to the Tukey test at 5% probability. The coconut fiber substrates, commercial hortimix® and vermiculite proved superior promoted good emergence and early development of seedlings. The mixture of vermiculite, coconut fiber and compost (1:1:1, coconut fiber and compost (1:1, coconut fiber and compost (1:2 and organic compost and vermiculite (1: 1 was not shown to be adequate for the cultivation of seedlings. There was no emergency in the pure organic compound in the mixture of compost and vermiculite (1:2.Key words - Vermiculite. Organic compost. Coconut fiber. Sabiá. Substrates. = Objetivou-se com o presente trabalho avaliar o efeito de diferentes substratos na emergência e desenvolvimento inicial de plântulas de sabiá (Mimosa caesalpiniifolia Benth.. Para isso, foi instalado um experimento em casa de vegetação do Departamento de Ciências Vegetais da Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA, Mossoró-RN. O delineamento estat

  4. Crescimento inicial de angico em substratos com co-produtos de mineração e matéria orgânica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kely Dayane Silva do Ó

    2015-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência nutricional do esterco caprino e bovino associado ao co-produto de vermiculta em mudas de angico. O experimento constou da utilização de dois tipos de esterco (bovino e caprino homogeneizados com co-produto de vermiculita em seis doses (0, 5, 10, 15, 20 e 25% em um delineamento experimental inteiramente casualizado 6 x 2 mais quatro repetições controle contendo esterco bovino e solo na proporção 2:1. Para as análises estatísticas, foi aplicado teste de regressão polinomial grau dois para todas as variáveis e teste de Tukey a 5% para comparação entre os tratamentos aplicados e o tratamento controle. Sementes de angico foram semeadas em vasos plásticos, aos 40 dias após a germinação, foram coletados semanalmente o diâmetro basal e altura das mudas até 130 dias após a germinação, quando se deu o término do experimento, logo após, procedeu-se às coletas de massa seca da parte aérea, raiz e de tubérculo. O esterco bovino e caprino e o convencional surtiram efeitos positivos no crescimento das mudas de angico, assim sendo, recomendado seu uso para o cultivo da espécie angico. A dose de matéria orgânica que resultou o melhor efeito foi a de 25% de esterco caprino, comparado com os demais tratamentos estudados. É recomendado o uso de esterco caprino para a produção de muda de angico.

  5. Mini sensor Irrigas® na determinação da curva de retenção de água em substratos para hortaliças Mini Irrigas® sensor in determining the curve of water retention in substrates for vegetables

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo S de Liz

    2008-12-01

    Full Text Available No Brasil, ainda não existe um método padrão, confiável, para a determinação da curva de retenção de água em todos os tipos de substratos existentes para o cultivo de hortaliças, principalmente para substratos à base de fibras longas e curtas, como é o caso do substrato de coco verde. Assim, neste trabalho, o objetivo foi obter a curva de retenção de água em substratos para o cultivo de hortaliças, utilizando-se um mini sensor Irrigas®. Foram utilizados os substratos de coco verde, sem compostagem, compostado durante 45; 90; 135 e 180 dias e o substrato Plantmax®, utilizado como controle. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso no esquema fatorial 6 x 11 (substrato x tensão com três repetições. Para o substrato S0; S45; S90; S135 e S180 as médias obtidas foram porosidade total: 85%; espaço de aeração: 72%; água facilmente disponível: 4%; água disponível: 9%; água tamponante: 5% e, água remanescente: 4%. O espaço de aeração (72%, foi indicativo de que é conveniente melhorar a distribuição do tamanho de partículas desse substrato, de modo a reduzir o espaço de aeração e aumentar a capacidade de retenção de água. O aumento da tensão de água foi obtido de forma natural, pela evaporação da água das amostras. A utilização do sensor Irrigas® permitiu rapidez na obtenção dos resultados e possibilitou a medição da tensão da água, de maneira contínua e paralela, entre tensões de 0 e 11 kPa, simultaneamente, em três amostras de substrato. Estes resultados tornaram evidente a possibilidade de uso do mini sensor Irrigas® na determinação de curvas de retenção de água em substratos para hortaliças, gerando inclusive perspectivas para a realização de estudos futuros de comparação com outros métodos.In Brazil, no reliable standard method exists to determine the water retention curve in all available types of substrates for the cultivation of vegetables, mainly for substrates

  6. Bean-pod cultivation in pots with different substrates and electrical conductivity of nutrient solutionCultivo de feijão-vagem em vaso em diferentes substratos e condutividades elétricas da solução nutritiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Marcelo Basso

    2012-12-01

    results, with production of 47.6 g pot-1, and extrapolated to 0.286 kg m2. The substrate composed by the combination of carbonized rice hulls over pine bark was proved to be more suitable in substrate applications in such cases. Among the treatments tested, the best results were obtained using higher electrical conductivities between 1.5 and 2.0 mS cm-1.A exigência dos consumidores por produtos mais saudáveis, aliada a problemas como salinização, doenças de solo e cultivos sucessivos, promovem a busca por sistemas produtivos mais sustentáveis que os atuais. Assim o presente trabalho teve como objetivo a avaliação nutricional das plantas em função da condutividade elétrica da solução nutritiva utilizando diferentes substratos. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências Agrárias da UEL. Utilizou-se a cultivar UEL-2 de feijão-vagem, que possui crescimento determinado, altura média de 40 cm, vagens retas com secção achatada e colheita em torno de 55 dias do plantio. O delineamento experimental foi blocos casualizados com parcelas subdivididas, as parcelas foram compostas dos tratamentos com soluções nutritivas contendo: 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0 mS cm-1 de condutividade elétrica e as subparcelas compostas por substratos: casca de arroz carbonizada; casca de Pinus e uma mistura composta de 50% casca de arroz + 50% casca de Pinus. Foram utilizados 60 vasos de 5 litros, cada vaso com duas plantas, irrigados diariamente 2 vezes ao dia, com 150 ml de solução nutritiva conforme sua condutividade elétrica do tratamento, com auxílio de um regador manual. Foram analisados os teores de matérias frescas e secas de raízes, caules, folhas e vagens, comprimento e diâmetro de vagens, condutividades elétricas e pH’s do eluviado durante todo ciclo. Os resultados obtidos foram submetidos a analise de variância e as médias dos substratos comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade, e as doses de Condutividade Elétrica por meio de regressão. O uso da

  7. Substrate with Organosuper® for cucumber seedlings formation in protected environments and polystyrene trays Substrato com Organosuper® para formação de mudas de pepineiro em ambientes protegidos e bandejas de poliestireno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2012-04-01

    Full Text Available Culture environments, trays and doses of organic compost were evaluated in the formation of cucumber seedlings (Cucumis sativus L.. Five environmental conditions were tested: (A1 a greenhouse with height of 2.5 m, covered with polyethylene film, (A2 nursery with height of 2.5 m, monofilament fabric, 50% shading, (A3 nursery with height of 2.5 m, heat-reflective screen, 50% shading, (A4 nursery with a height of 1.8 m, covered with coconut tree straw and (A5 greenhouse with height of 4.0 m, covered with polyethylene film, with zenith opening and thermo-reflective cloth under the plastic. Trays of 72 (R1 and 128 (R2 cells were filled with 93% soil and 7% organic compound (S1, 86% soil and 14% organic compound (S2 and 79% soil and 21% organic compound (S3. It was used a randomized design in split-split-plot scheme, with five replicates (environments x trays x substrates. The greenhouses provide the best environments for the formation of cucumber seedlings. A tray of 72 cells is the best container, promoting more vigorous seedlings in substrate with soil and 7 or 14% organic compound.Ambientes de cultivo, bandejas e doses de composto orgânico foram avaliados na formação de mudas de pepino (Cucumis sativus L.. Cinco ambientes de cultivo foram testados: (A1 estufa agrícola com altura de 2,5 m coberta com filme de polietileno; (A2 viveiro com altura de 2,5 m, tela de monofilamento com 50% de sombreamento; (A3 viveiro com altura de 2,5 m, tela termorrefletora, com 50% de sombreamento; (A4 viveiro com altura de 1,8 m, coberto com palha de coqueiro, e (A5 estufa agrícola com altura de 4,0 m, coberta com filme de polietileno, com abertura zenital e tela termorrefletora sob o filme. Bandejas de 72 (R1 e 128 (R2 células foram preenchidas com 93% de solo e 7% de composto orgânico (S1; 86% de solo e 14% de composto orgânico (S2, e 79% de solo e 21% de composto orgânico (S3. Utilizou-se um delineamento inteiramente casualizado, em esquema de parcelas

  8. Produção de mudas de alface, pepino e pimentão em substratos combinando areia, solo e Plantmax® Production of lettuce, cucumber and sweet pepper seedlings in substrate with different combinations of sand, soil and Plantmax®

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar José Smiderle

    2001-11-01

    Full Text Available O efeito do substrato comercial Plantmax®; e sua combinação com solo e areia, foi avaliado de acordo com a resposta biológica de três culturas olerícolas (alface, pepino e pimentão, sendo o experimento conduzido em casa de vegetação na ESALQ/USP em Piracicaba de abril a junho de 1996. Os tratamentos consistiram do substrato comercial Plantmax®; e da mistura deste com areia, com solo, na proporção 1:1 em volume, e mistura dos três, proporção 1:1:1. O substrato Plantmax®; propiciou menor velocidade de emergência para alface e pepino e maior para pimentão. Resultou, também, em maior altura de plântulas nas três diferentes culturas. O menor comprimento de raízes das três olerícolas foi obtido com o substrato Plantmax®; + solo + areia. A maior produção de matéria seca de plântulas e raízes de alface e de pimentão foram obtidas com o substrato Plantmax®;. Por outro lado, a menor produção de matéria seca foi obtida com a mistura dos três componentes para a cultura do pepino. O desempenho obtido nas misturas de Plantmax®; com solo ou com areia, indicam ser uma alternativa técnica viável ao uso de substratos comerciaisThe effect of commercial substrate Plantmax®; and it's combination with soil and sand, was evaluated according to the biological response of three vegetable crops (lettuce, cucumber and sweet pepper. The experiment was carried out in plastic tunnels, at ESALQ/USP, Piracicaba-SP, from April to June, 1996. The treatments consisted of the commercial substrate Plantmax®;, the mixture of Plantmax®; with sand, Plantmax®;with soil and the mixture of Plantmax®;with both soil and sand. Lower lettuce and cucumber seedlings emergence and faster sweet pepper seedlings emergence were observed with Plantmax®; substrate. It also resulted in bigger size of seedlings of these three different plant species. Smaller roots of these three species were observed with the mixture of Plantmax®; plus soil plus sand

  9. Desenvolvimento de Opuntia ficus-indica (L. Mill., em diferentes substratos, após micropropagação in vitro - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i1.659 The development of Opuntia ficus-indica (L mill., in different substrates, after in vitro micropropagation - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i1.659

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacob Silva Souto

    2006-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de Opuntia ficus-indica (L. Mill, em diferentes substratos, utilizaram-se plantas micropropagadas nas seguintes etapas: indução, crescimento, multiplicação e enraizamento dos brotos. Após o enraizamento, as plântulas foram aclimatizadas em casa de vegetação, usando-se os seguintes substratos: solo não adubado, solo adubado de acordo com análise de solo, solo + pó de coco (1:1 e 2:1, solo + esterco de bovino (1:1 e 2:1, solo + bioadubo (1:1 e 2:1, em delineamento inteiramente ao acaso com quatro repetições. As plântulas possuíam entre 1 a 2 cm de comprimento e foram enterradas a dois terços no solo. Semanalmente, foram medidas as alturas das plantas e contado o número de brotações. Verificou-se diferença significativa ao nível de 5% de probabilidade pelo Teste t quando comparados os efeitos dos diferentes substratos. Conclui-se que deve-se utilizar o substrato à base de esterco bovino na aclimatização da palma forrageira.The study aimed to evaluate the development of Opuntia ficus-indica (L. Mill, in different substrates, using micropropagated plants in the following stages: induction, growth, multiplication and bud rooting. After rooting, seedlings were acclimatized in greenhouse, by means of the following potting mixture: unfertilized soil, fertilized soil according to soil analysis, soil + coconut dust (1:1 and 2:1, soil + bovine manure (1:1 and 2:1, soil + biofertilizer (1:1 and 2:1, randomly applied with four replications. The seedlings had between 1 and 2 cm of length and were planted two thirds under the soil. There were weekly measures of the plants’ height and the number of shoots. Significant difference to the level of 5% of probability for test was verified when comparing the effects of different substrates. Results show that the potting mixture must be based on bovine manure in the acclimatization of palm grass.

  10. Análise da dieta das larvas de 4º estádio de Cricotopus sp. (Diptera: Chironomidae, em diferentes substratos artificiais e fases hídricas, no trecho superior do rio Paraná = Diet analysis of Cricotopus sp. larvae (Diptera: Chironomidae, fourth stage, in different artificial substrates and hydrological phases, in the upper Paraná river

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Felix dos Anjos

    2009-10-01

    Full Text Available No Brasil, estudos sobre hábitos alimentares das larvas de Chironomidae ainda são escassos e estas informações são importantes para entender a estrutura trófica e a organização dos ecossistemas aquáticos. Neste estudo, teve-se como objetivo identificar osprincipais itens alimentares ingeridos por Cricotopus sp. e comparar as possíveis diferenças na dieta das larvas em diferentes substratos artificiais e fases hídricas. Foram utilizados quatro tipos de substratos artificiais: madeira em forma de X (MADX, placas de nitacetal em forma de X (NITX, PVC em forma de tubo (PVCT e metal galvanizado em forma de tubo (METT, cada um com três réplicas. As coletas foram realizadas quinzenalmente, entre os meses de agosto de 2004 e dezembro de 2005. A dieta de Cricotopus sp. foi constituída por detritos, algas e hifas de fungos. Detrito foi o principal item alimentar, com valores superiores a 50% do total consumido. Os resultados indicaram que Cricotopus sp. é uma espécie coletora e, independentemente do substrato, as larvas alimentam-se dos recursos disponíveis no ambiente. Entretanto, mudanças no regime hidrológico do rio Paraná podem influenciar a disponibilidade de alimento, principalmente algumas diatomaceas como Melosira sp., consumidas em maior quantidade apenas na fase de águas baixas.In Brazil, studies on the diet of Chironomidae larvae are still scarce and these data are important to understand the trophic structure and organization of aquatic ecosystems. In this study, we identified the main food items consumed by Cricotopus sp. and compared possible differences in the larval diet at different artificial substrates and hydrological phases. We used four types of artificial substrates: X-shaped wood (MADX; X-shaped nitacetal plates (NITX; tube-shaped PVC (PVCT and tube-shaped galvanizedmetal (METT, each with three replicates. Samplings were undertaken fortnightly, between August 2004 and December 2005. Cricotopus sp. diet was

  11. Avaliação do desempenho de um sistema automático para controle da fertirrigação do tomateiro cultivado em substrato Performance evaluation of an automatic system for tomato fertigation control in substrate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio J. Steidle Neto

    2009-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar o desempenho de um sistema de controle automático de fertirrigação para a produção do tomateiro em substrato de areia, comparativamente ao sistema de controle convencional quanto à redução de solução nutritiva. No método de controle automático, os eventos de fertirrigação foram estabelecidos em função das condições meteorológicas do ambiente de cultivo e do estádio de desenvolvimento da cultura. Para isso, o modelo de Penman-Monteith foi utilizado como suporte para a tomada de decisão sobre a frequência adequada para aplicação da solução nutritiva. No sistema de controle convencional, os intervalos entre as fertirrigações permaneceram fixos durante todo o ciclo do tomateiro. Os resultados demonstraram que o sistema de controle automático atendeu plenamente às necessidades hídricas da cultura, sem comprometer a produção do tomateiro, proporcionando reduções expressivas no consumo de solução nutritiva. Por outro lado, o sistema de controle convencional realizou número excessivo de fertirrigações, principalmente durante o estádio inicial de desenvolvimento do tomateiro e nos dias caracterizados por elevada nebulosidade. No estádio inicial de crescimento, verificou-se que os volumes totais de solução nutritiva, aplicados ao tomateiro pelo sistema convencional, excederam as necessidades hídricas da cultura em 1,31 e 1,39 L planta-1 em dias típicos com céu claro e nublado, respectivamente.The objective of this work was to compare the performance of an automatic fertigation control system, for soilless tomato production in sand substrate, as compared to a conventional control system. In the automatic control, fertigation events were established by meteorological conditions in the cultivation environment and crop development stage. In this way, the Penman-Monteith model was utilized as a decision support tool regarding the appropriate frequency for delivering the

  12. Crescimento de mudas de mamoeiro conduzidas em diferentes ambientes protegidos, recipientes e substratos na região de Aquidauana, Estado do Mato Grosso do Sul = Growth of papaya seedlings in different protected environments, pots and substrates in Aquidauana, Mato Grosso do Sul State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Caroline Rodrigues Vieira

    2010-07-01

    Full Text Available Experimento com o crescimento e a formação de mudas de mamoeiro foiconduzido em ambientes protegidos na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana, nos meses de setembro a novembro de 2006. Foram utilizados quatro ambientes protegidos, dois tipos de recipientes e três composições de substratos. Foram avaliados as alturas de plantas e o número de folhas. Os ambientes telados (monofilamento e aluminizado promoveram maiores alturas de plantas e maiores números de folhas ao longo do desenvolvimento experimental. A sacola de polietileno se mostrou como o melhor recipiente para a produção de mudas de mamoeiro. Os substratos que continham vermiculita apresentaram os melhoresresultados para o crescimento e a formação das mudas. Na fase final de formação das mudas, o ambiente com tela aluminizada promoveu plantas maiores nos melhores substratos. As bandejas de poliestireno não se mostraram viáveis para crescimento e formação de mudas do mamoeiro. O substrato com maior porcentagem de pó-de-serra mostrou ser ineficiente para a produção de mudas de mamoeiro em Aquidauana,Estado do Mato Grosso do Sul, necessitando de maior tempo de estabilização biológica.An experiment with growth and formation of papaya seedlings was carried out in the State University of Mato Grosso do Sul, Unit of Aquidauana, Mato Grosso do Sul State, Brazil, from September to November 2006. Four protected environments, two kinds of pots and three substrate compositions were evaluated. The height of plants (cm and leaf number were evaluated. The environments covered with screen (black and aluminized monofilament showed best results to height and leaf number during experimental development. Polyethylene bags were the best containers to grow papaya seedlings. The substrate with vermiculite showed the best results in both containers and all environments. In the end phase of seedling formation, the aluminized screen led to bigger

  13. Effect of light intensity and growth substratum on plant development and production of secondary metabolites in Cordia curassavica (Jacq. Roem. & Schult Efeito da intensidade de luz e substrato no crescimento da planta e produção de metabólitos secundários em Cordia curassavica (Jacq. Roem. & Schult

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Terezinha Silveira Paulilo

    2010-06-01

    Full Text Available Cordia curassavica (Jacq. Roem. & Schult. (Boraginaceae, also referred to as Cordia verbenacea DC, has been traditionally used for medicinal purposes. This study was driven to verify the behavior of the species in similar conditions to its natural environment, such as high light intensity and sandbank soil, and in conditions of low light intensity and fertilized substratum (dystroferric red nitosoil plus earthworm humus. The growth of the plant, the income of leaf crude extracts and, in the alcoholic extract, the number of substances found in thin layer cromatography and the toxicity of the substratum was observed. The results indicated that the growth of the root biomass, stem and leaves in discharge or lower light intensity was similar, but smaller in sandbank soil than in fertilized soil. The relative income of extracts in ether of petroleum and alcohol was larger in high light intensity and fertilized substratum. The light intensity and the substratum type didn't affect the number of substances detected in the alcoholic extract or the toxicity of this extract. Stains corresponding to the rosmarinic acid were only evidenced in some samples of the alcoholic extract, not allowing the verification of the effect of the treatments about its production.Cordia curassavica (Jacq. Roem. & Schult. (= Cordia verbenacea DC., Boraginaceae, tem sido tradicionalmente utilizada com propósitos medicinais. Este estudo verificou o comportamento da espécie em condições similares ao ambiente natural, alta intensidade de luz e solo de restinga e em condição de baixa intensidade de luz e substrato adubado (solo distroférrico mais húmus de minhoca. valiaram-se o crescimento da planta, o rendimento de extratos brutos de folha, o número de substâncias encontradas em cromatografia de placa no extrato alcoólico e a toxicidade do substrato. Os resultados indicaram que o crescimento da biomassa de raiz, de caule e de folhas em alta ou baixa intensidade de luz

  14. Produção e qualidade de frutos de tomateiro cultivado em substrato com zeólita Yield and fruit quality of tomato grown in substrate with zeolite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto C. de Campos Bernardi

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a produção e a qualidade dos frutos de tomateiro cv. Finestra, cultivado em substrato com zeólita enriquecida com N, P e K. Os tratamentos utilizados foram quatro doses (20; 40; 80 e 160 g por vaso de zeólitas enriquecidas com H3PO4/apatita, KNO3 e KH2PO4, além de uma testemunha cultivada em solução nutritiva. Foram avaliados a produção de frutos por vaso, firmeza, sólidos totais, pH, acidez titulável e ácido ascórbico dos frutos, dos 80 aos 90 dias de cultivo. O fornecimento de nutrientes através do mineral zeólita enriquecido com N, P e K comprovou ser uma alternativa para o aumento da produção. As maiores produções foram obtidas nos tratamentos com adição de P e K e nas maiores doses de zeólita (160 e 80 g por vaso. A produção de frutos foi 11 a 17% maior em relação à testemunha cultivada com solução nutritiva. Houve efeitos positivos das zeólitas enriquecidas com fontes de fósforo sobre a firmeza e efeito negativo sobre o pH. A firmeza dos frutos variou 104% entre tratamentos, de 7,06 N (ZNK 160 a 14,38 (ZPK 40. O aumento da disponibilidade de potássio contribuiu para o aumento do teor de ácido ascórbico dos frutos.We evaluated yield and quality of tomato fruits, cv. Finestra, grown in a zeolite substrate enriched with N, P and K. Treatments comprised four levels (20; 40; 80 and 160 g per pot of zeolite enriched with H3PO4/apatite, KNO3 and KH2PO4, and a control grown in a nutrient solution. Fruit production, firmness, total soluble solids, pH, titratable acidity and ascorbic acid were evaluated from 80 to 90 days of plant cultivation. Nutrients supplied through the mineral zeolite enriched with N, P and K was an adequate alternative to increase the production. Higher fruit production was obtained with addition of P and K and higher zeolite dosis (160 and 80 g per pot. Fruit production was 11% and 17% higher when compared to the plants grown in nutritive solution (check treatment. Positive effects

  15. Produção de mudas de rúcula em bandejas com substratos a base de resíduos orgânicos Production of rocket (Eruca sativa seedlings with substrates composed of organic waste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lya Januária Beiruth da Silva

    2009-10-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes substratos na produção de biomassa vegetal em mudas de rúcula, cv. cultivada, foi conduzido um experimento na Universidade Federal do Acre, no período de setembro a novembro de 2006, utilizando os seguintes tratamentos: T1 Plantmax® (Tratamento padrão; T2 composto orgânico (CO + casca de coco maduro triturado (CCMT (1:1 v/v; T3 CO + cama de aviário (CA + casca-de-arroz carbonizada (CAC (1:1:1 v/v; T4 CO + esterco bovino (EB + CAC (1:1:1 v/v; T5 - CO + coprólitos de minhoca (CM + CAC (1:1:1 v/v; T6 CO + CM + caroço de açaí triturado (CAT (1:1:1 v/v; T7 - CO + CM + CCMT (1:1:1 v/v; T8 - CO + EB + CCMT (1:1:1 v/v. Foram acrescidos, 10% de carvão vegetal triturado, 1,0 kg m-3 de calcário dolomitico e 1,5 kg m-3 de termofosfato, exceto no substrato T1. A semeadura foi feita utilizando-se três sementes por células em bandejas de poliestireno expandido, contendo os diferentes tratamentos e oito dias após a semeadura, foi feito o desbaste deixando-se apenas uma planta por célula. Aos 26 dias após a semeadura, foram avaliados a massa da matéria fresca da parte aérea, massa da matéria seca da parte aérea, raiz e total da planta. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições, sendo cada unidade experimental constituída de 4 plantas. Os tratamentos T4 ,T5 e T7 foram os que promoveram maior massa fresca e seca das plantas e não diferiram estatisticamente entre si e do tratamento padrão (T1, para todas as características avaliados.With the objective of evaluating the effect of different substrates in the production of vegetable biomass on rocket (Eruca sativa seedlings cv. cultivated, an experiment was carried out at the Federal University of Acre, in the period from September to November of 2006, using the following treatments: T1 - Plantmax® (control, T2 - organic compost + triturated ripe coconut shells (1:1 v/v, T3 organic compost + poultry

  16. Aclimatização de Cattleya (Orchidaceae, em substratos alternativos ao xaxim e ao esfagno = Acclimatization of the Cattleya (Orchidaceae in alternative substrates to tree fern fiber and sphagno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Borini Lone

    2008-10-01

    Full Text Available O xaxim desfibrado e o esfagno são os substratos mais utilizados pelosprodutores brasileiros para aclimatização de orquídeas, porém ambos correm o risco de serem extintos e a coleta está proibida pelo Ibama. Desta forma, o objetivo do trabalho foi avaliar a eficiência de substratos alternativos no desenvolvimento de plântulas de Cattleyaintermédia, durante a etapa de aclimatização. Os substratos testados foram: xaxim desfibrado; esfagno; casca de arroz carbonizada; casca de pínus + fibra de coco (1:1 v v-1; casca de pínus; fibra de coco. Após dez meses, foram avaliados: comprimento de parte aérea; comprimento da maior raiz; número de pseudobulbos; número de raízes; massa fresca total; pH do substrato; condutividade elétrica do substrato. Verificou-se que o substrato fibra de coco e a mistura de casca de pínus + fibra de coco (1:1 v v-1 são os mais indicados comoalternativa ao xaxim e ao esfagno para o cultivo de Cattleya intermédia, durante a etapa de aclimatização.The tree fern fiber and sphagno are the most utilized substrates by Brazilian producers for the acclimatization of orchids; however, bothare considered endangered species and their collection is forbidden by the authorities. Therefore, the objective of this work was to evaluate the efficiency of alternative substratesin the development of Cattleya intermedia plantules during the acclimatization stage. The tested substrates were: tree fern fiber; sphagno; carbonized rice hull; pinus bark + coconut fiber (1:1 v v-1; pinus bark; coconut fiber. After 10 months, the following were evaluated: length of aerial part; length of the bigger root; number of pseudobulbs; number of roots; total fresh mass; pH of the substrate; electric conductivity of the substrate. It was verifiedthat the substrate of coconut fiber and the mixture of pinus bark + coconut fiber (1:1 v v-1 are the most indicated as alternatives to tree fern fiber and sphagno for the cultivation of Cattleya

  17. RECIPIENTES E SUBSTRATOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE JATOBÁ (Hymenaea courbaril L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana de Moura Gonzaga

    2016-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar diferentes recipientes e substratos na produção de mudas de jatobá (Hymenaea courbaril L., arbórea nativa da família Caesalpinioideae. O delineamento utilizado foi inteiramente ao acaso com 2 recipientes (tubete e sacola plástica e 10 formulações de substratos (misturas de solo, esterco bovino - EB, cama aviária de poedeiras - CA, fertilizante químico e areia, em diferentes proporções. Aos 210 dias após semeadura foram avaliadas as variáveis: altura da parte aérea, diâmetro do colo, matéria seca da parte aérea, radicular, e total, e calculado os índices de qualidade das mudas. Foi realizada a quantificação de esporos de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs e a normalização por meio de correção ESPOROS/MSR. Na maioria das características avaliadas, não houve diferença significativa entre os substratos testados, o que possibilita o uso de acordo com o custo e a disponibilidade local de cada. A sacola plástica e os substratos de origem animal possibilitaram maiores ganhos de biomassa às mudas. Quanto ao número de esporos de FMAs os maiores valores foram observados em substratos contendo CA em tubete. Recomenda-se para a produção de mudas de jatobá: sacola plástica e o substrato com 60% solo + 20% areia + 20% CA.

  18. Emergência de Tridax procumbens em função da profundidade de semeadura, do conteúdo de argila no substrato e da incidência de luz na semente Tridax procumbens emergence as a function of sowing depth, substrate clay content and light incidence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.C. Guimarães

    2002-12-01

    Full Text Available Os solos agrícolas possuem banco de sementes de plantas daninhas cuja quantidade varia de dezenas a centenas de milhões de sementes por hectare, as quais são dotadas de mecanismos para detectar o tempo e o local apropriado para a germinação. A profundidade no solo em que uma semente é capaz de germinar e produzir plântula é variável entre as espécies e apresenta importância ecológica e agronômica. Com o objetivo de estudar a emergência de plântulas de erva-de-touro (Tridax procumbens, em função da profundidade de semeadura, do conteúdo de argila no substrato e do tratamento de sementes com luz, foram realizados dois experimentos no Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras. No experimento 1, a emergência das plântulas foi avaliada em vasos contendo substrato com 60% de argila, com semeadura realizada nas profundidades de 1, 2, 3, 4, 5 e 6 cm, e também com aquênios parcialmente enterrados (APE. No experimento 2, foram utilizadas sementes com e sem tratamento para superação da necessidade de luz (embebição por 48 horas em GA3 1 mmol L-1 + KNO3 25 mmol L-1 + luz, semeadas em substratos com 30 e 60% de argila, a 1 cm, 2 cm e APE, e também em areia a 3 cm. A emergência das plântulas de erva-de-touro foi máxima quando os aquênios foram parcialmente enterrados no substrato, independentemente do conteúdo de argila deste. Em profundidades maiores ou iguais a 1 cm houve drástica redução na emergência, que foi nula (experimento 2 ou quase nula (experimento 1 a 3 cm. O tratamento para superação da necessidade de luz aumentou a emergência nas semeaduras a 1 e a 2 cm, mas não teve efeito a 3 cm.Agricultural soils may contain weed seedbanks of hundreds of millions of weed seeds per hectare, which have mechanisms to detect the appropriate time and place for germination. The soil depth in which a seed is capable of germinating varies among species, presenting ecological and agronomic importance. With

  19. Substratos alternativos ao xaxim na produção de bromélia ornamental.

    OpenAIRE

    Shoey Kanashiro; Keigo Minami; Teresa Jocys; Carlos Tadeu dos Santos Dias; Armando Reis Tavares

    2008-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar substratos alternativos para o cultivo da bromélia Aechmea fasciata (Lindley) Baker, para substituir com eficiência as misturas formuladas com o xaxim Dicksonia sellowiana (Presl.) Hook. Foram testados os substratos: casca de Pinus, casca de Eucalyptus, coxim, fibra de coco e xaxim, misturados com turfa e perlita, nas proporções 2:7:1, 5:4:1 e 8:1:1. O experimento foi realizado em condições de estufa com cobertura de polietileno, sombreada com tela a 70%....

  20. Germinação de sementes e desenvolvimento de plântulas de moringa (Moringa oleifera Lam. em função do peso da semente e do tipo de substrato Germination of seeds and seedling development of drumstick as a function of seed weight and substrate type

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Marcos E. Bezerra

    2004-06-01

    Full Text Available Moringa oleifera Lam. é uma espécie arbórea originária do noroeste indiano, cultivada graças ao seu valor alimentar, medicinal, industrial e no tratamento de água para o consumo humano. Os efeitos do peso de sementes e do substrato na germinação e desenvolvimento das plântulas foram determinados, sob condições de casa de vegetação (sombrite 50% com nebulização intermitente em Fortaleza (CE, de 29/11 a 14/12/02. Os tratamentos constaram de arranjo fatorial 3x3 referente a três categorias de semente: pesadas (272,41 g/1000 sementes, médias (218,88 g/1000 sementes e leves (177,07 g/1000 sementes; e três substratos: vermiculita; Plantmax® e uma mistura à base de solo esterilizado (S, húmus de minhoca (H e pó de coco lavado (PC, na proporção de 2:1:1, dispostos em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições (24 sementes/repetição. Efetuou-se a semeadura das três classes de pesos de sementes em bandejas de isopor de 72 células contendo os substratos, avaliando-se a percentagem, velocidade e tempo médio de germinação, altura da plântula, massa seca da parte aérea e massa seca total. As sementes pesadas e médias apresentaram maior percentagem e velocidade de germinação do que as leves; as sementes pesadas proporcionaram plântulas mais vigorosas; no substrato Plantmax® e na mistura (S+H+PC a percentagem e a velocidade de germinação foi superior à vermiculita; e as plântulas desenvolveram-se melhor no substrato Plantmax®.To compensate the shortage of information on the influence of seed weight and substrate over the germination and seedling development of Moringa oleifera an experiment was conducted under greenhouse conditions (50% of natural light with intermittent nebulization in Fortaleza, Ceará State, Brazil. The treatments consisted of a 3x3 factorial arrangement [three seed weights: heavy (272.41 g/1000 seeds; medium (218.88 g/1000 seeds and light (177.07 g/1000 seeds and three substrates

  1. Variabilidade espacial do sistema radicular do tomateiro e implicações no manejo da irrigação em cultivo sem solo com substratos Spatial variability of tomato rooting system and implications on irrigation management in soiless cropping with substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waldir A. Marouelli

    2005-03-01

    Full Text Available Avaliou-se a distribuição de raízes do tomateiro e a variabilidade horizontal do potencial matricial (psim e da condutividade elétrica da solução em substratos, de fibra de coco verde, casca de arroz carbonizada, maravalha carbonizada e comercial, acondicionados em sacos de plástico do tipo bisnaga. Cada planta foi irrigada por um único gotejador, posicionado a 7 cm da mesma. Maior concentração de raízes e menores valores de psim, sob condições de déficit hídrico temporário, ocorreram junto às plantas, nos substratos de fibra de coco e casca de arroz, e junto aos gotejadores, nos de maravalha e comercial. A baixa concentração de raízes entre um gotejador e a planta subseqüente, irrigada por outro emissor, ocorreu, provavelmente, pela alta condutividade elétrica da solução do substrato nessa região (até 8,3 dS m-1. As correlações entre concentração de raízes versus psim e concentração de raízes versus condutividade foram significativas para todos os substratos. A avaliação da variabilidade do psim nos substratos, em plantas submetidas a déficit hídrico, permitiu avaliar qualitativamente a distribuição do sistema radicular do tomateiro, de forma mais prática que pelo método direto. Para fins de manejo da água, recomenda-se instalar os sensores de umidade entre a planta e seu respectivo gotejador.The distribution of tomato rooting system and horizontal variability of matric potential (psim and electrical conductivity of the solution were evaluated on green coconut fiber, carbonized rice husk, carbonized coarse sawdust and commercial substrates packed in plastic bags. Each plant was irrigated by a single dripper, set up 7 cm apart. Higher root concentrations and lower psim, under temporary water deficit conditions, occurred close to the plant for coconut fibers and rice husk, and close to the dripper for coarse sawdust and commercial substrates. The lower root concentration between a dripper and the

  2. Acumulação de matéria seca do tomateiro cultivado em substrato com diferentes doses de fertilizantes Dry matter accumulation of tomato plants grown in substrate under different fertilizer doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto André Grave

    2001-10-01

    Full Text Available Plantas de tomateiro foram cultivadas em substrato no interior de um ambiente protegido localizado no Departamento de Fitotecnia da UFSM, em Santa Maria, RS, com o objetivo de determinar o efeito de cinco doses de fertilizantes sobre a acumulação da matéria seca da parte vegetativa e dos frutos. Foram efetuados três experimentos, no outono-inverno de 1997, na primavera-verão de 1997 e no outono-inverno de 1998, empregando os híbridos Diva, Monte Carlo e Saladette, respectivamente. Foi utilizada como referência uma dose semanal com as seguintes quantidades de fertilizantes, em g por planta: 4 de KNO3; 6,3 de Ca(NO32; 1,5 de superfosfato simples; 3 de MgSO4, complementada por 0,13ml de ferro quelatizado (5% de Fe e 0,7mL de uma solução contendo os demais micronutrientes. No experimento 1, a dose de T1 foi igual àquela de referência e as doses de T2 e T3 foram obtidas multiplicando-se a dose de referência por 1,15 e 1,3, respectivamente. Nos experimentos 2 e 3, as doses de T1, T2 e T3 corresponderam à dose de referência multiplicada por 0,6; 1,15 e 1,7, respectivamente. Para cada um dos dois híbridos e nos três experimentos, as plantas foram localizadas em três blocos, com três fileiras de 35 plantas em cada bloco. Cada tratamento foi aplicado uma vez por semana a todas as plantas da mesma fileira, através da fertirrigação. Foi determinada a matéria seca acumulada na parte vegetativa da planta e nos frutos no início do período de maturação dos mesmos, em cada experimento. Não foram observadas diferenças significativas na acumulação de matéria seca na parte vegetativa da planta e nos frutos entre as três doses e nos três experimentos.Tomato plants were grown in substrate in a greenhouse at Departamento de Fitotecnia, Universidade Federal de Santa Maria, RS, Brazil, to determine the effect of five fertilizer levels on dry matter accumulation of vegetative plant parts and fruits. Three experiments were done, in autumn

  3. Broccoli production depending on the seed production system and organic and mineral fertilizer Produção de brócolos em função do sistema de produção da semente e do tipo de substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Lopes

    2012-03-01

    Full Text Available The experiment was conducted in a greenhouse at the Universidade Federal do Espirito Santo, in Alegre, Espirito Santo state, Brazil, to evaluate the broccoli production depending on the seed production system and organic and mineral fertilization. Seeds of the broccoli cultivar Ramoso Piracicaba were originated from lots of seed obtained in an organic and conventional production system. The experimental design was of randomized blocks, with four replications in a factorial arrangement combination of the lots, 2x5 (organic and mineral fertilized seeds and substrates [S1 (soil + sand + manure, S2 (soil + sand + manure + NPK, S3 (soil + sand + manure + Fertium® 10 g L-1, S4 (soil + sand + manure + Fertium® 30 g L-1 and S5 (soil + sand + manure + Fertium® 50 g L-1]. The analyzed variables were emergency, fresh and dry mass of aerial part, emergency speed and height of seedlings after 28 days of sowing, and plant diameter, leaf area, number of leaves, fresh and dry mass of aerial part, plant height, root volume, fresh and dry root mass, absolute and relative growth rates and increment to leaf area and plant height after 104 days. The emergency was similar in the different substrates; great vigor occurred on conventional seeds; the mineral fertilization increased the production of fresh mass of aerial part; the use of substrate containing soil, sand soil conditioner Fertium (30 to 50 g L-1 increased the volume, fresh and dry mass of roots and rate of increase in these variables.O experimento foi conduzido em casa de vegetação na UFES-CCA, em Alegre-ES, objetivando avaliar a produção de brócolos em função do sistema de produção da semente e do tipo de substrato. Utilizaram-se sementes de brócolos da cultivar Ramoso Piracicaba. O delineamento foi em blocos ao acaso, com quatro repetições, em arranjo fatorial 2x5, compreendendo lotes (sementes de cultivo orgânico e convencional e substratos [S1 (solo + areia + esterco; S2 (solo + areia

  4. Aclimatização e crescimento de plântulas de mirtileiro 'climax' micropropagadas em função do substrato e da cobertura plástica Acclimatization and growth of micropropagated blueberry plants 'clímax' according substrate and plastic covering

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Regina Pelizza

    2011-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a aclimatização e o crescimento de plântulas micropropagadas de mirtileiro (Vaccinium ashei cv. Climax, em função do substrato e da cobertura plástica, durante os meses de abril a dezembro de 2008. Foram utilizados três substratos (casca de arroz carbonizada + Húmus Fértil®, Plantmax® + vermiculita e solo + serragem jovem de Pínus e dois sistemas de cobertura (com e sem cobertura plástica sobre as plântulas. As plântulas, acondicionadas em sacos plásticos com os respectivos substratos e sistemas de cobertura, permaneceram em casa de vegetação com temperatura controlada, por 30 dias. Após, permaneceram por 60 dias sem controle ambiental e, em seguida, foram transferidas para telado. A partir de 30 dias, foram avaliados a percentagem de sobrevivência e o incremento de altura das plântulas. Ao término do experimento, foi avaliada a massa fresca e seca da parte aérea e da raiz das plântulas. A percentagem de sobrevivência das plântulas de mirtileiro em substrato Plantmax® + vermiculita é igual quando utilizada ou não a cobertura plástica. O uso da cobertura plástica não foi eficiente para incrementar a altura média das plântulas nos substratos Plantmax® + vermiculita e solo + serragem jovem. A maior massa seca de parte aérea foi obtida com o uso de Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica sobre as plântulas. Plantmax® + vermiculita com e sem cobertura plástica proporcionam maior massa seca radicular que os demais substratos e respectivos sistemas de cobertura, porém Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica é superior a Plantmax® + vermiculita com cobertura plástica. De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que o melhor substrato e sistema de cobertura para a aclimatização e o crescimento de plântulas de mirtileiro 'Climax' são Plantmax® + vermiculita sem cobertura plástica.This word aimed to evaluate the acclimatization and

  5. Estaquia de oliveira em diferentes épocas, substratos e doses de AIB diluído em NaOH e álcool Rooted stem cutting of the olive tree in different times, substrates and doses of IBA dilluted in NaOH and alcohol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelson Francisco de Oliveira

    2009-02-01

    Full Text Available A estaquia é um método de propagação muito utilizado para a oliveira. Sua viabilidade depende da capacidade de formação de raízes adventícias de cada espécie. Contudo é necessário estudar as diferentes características desse processo. Objetivou-se, no presente trabalho avaliar o efeito de concentrações de AIB, do veículo de diluição, do substrato e época de coleta, no enraizamento de estacas semilenhosas de oliveira 'Ascolano 315'. Foram coletados ramos medianos de plantas matrizes localizadas na unidade da Epamig, em Maria da Fé-MG, e preparadas as estacas com, aproximadamente, 12 cm de comprimento, com 4 a 6 internódios, mantendo na região apical quatro folhas. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4 x 2 x 2 x 5, com quatro repetições e quinze estacas por parcela. O experimento foi conduzido em câmara úmida, com fornecimento de calor no fundo das bandejas de enraizamento. Após a instalação do experimento, foi realizado um tratamento com solução de oxicloreto de cobre a 3 %, para prevenir eventuais ataques de fungos e, a cada sete dias, a câmara foi aberta por alguns minutos para renovação do ar e irrigação, para manutenção da umidade. As avaliações foram realizadas 65 dias após a estaquia de cada época de coleta. As estacas coletadas em abril e tratadas com 3000 mg.L-1 apresentaram maior porcentagem de enraizamento e número médio de raízes. O substrato perlita + vermiculita (1:1 v/v incrementou o comprimento médio das raízes. A diluição do AIB em NaHO ou álcool + água não diferiu.The rooted stem cutting is a method highly used for the propagation of olive tree. Its viability depends on the capacity of each species to form adventitious roots. However, it is necessary to study the different characteristics of this process. The objective of the present work was to evaluate the effect of IBA concentrations, the dilution carrier, the substrate and the times of

  6. Iron sources for citrus rootstock development grown on pine bark/vermiculite mixed substrate Fontes de ferro para o desenvolvimento de porta-enxertos críticos produzidos em substrato de casca de pinus e vermiculita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhuanito Soranz Ferrarezi

    2007-10-01

    propiciem a mesma eficiência de aproveitamento e menor custo em relação ao total da solução nutritiva. Avaliaram-se os porta-enxertos Swingle, Cravo, Trifoliata e Cleópatra, em tubetes com substrato de casca de pinus/vermiculita, e as fontes de ferro Fe-DTPA, Fe-EDDHA, Fe-EDDHMA, Fe-EDTA, Fe-HEDTA, FeCl3, FeSO4, FeSO4+ácido cítrico e Testemunha. Utilizouse o delineamento em blocos casualisados, com quatro repetições. Foram analisados altura das plantas, índice relativo de clorofila, teor na folha de Fe total e solúvel. Cleópatra foi o único porta-enxerto que não apresentou sintoma visual de deficiência de ferro. Houve baixo índice relativo de clorofila na Testemunha dos porta-enxertos Cravo, Swingle e Trifoliata, comprovando os sintomas visuais observados. Verificouse alta concentração de Fe total e menor % de ferro solúvel da Testemunha e do Fe-EDTA. Na análise econômica, as fontes de ferro foram classificadas em relação ao custo total da solução nutritiva: Fe-HEDTA (37,25% > FeCl3 (4,61% > Fe-EDDHMA (4,53% > Fe-EDDHA (3,35% > Fe-DTPA (2,91% > Fe-EDTA (1,08% > FeSO4+ácido cítrico (0,78% > FeSO4 (0,25%. No entanto, somente as plantas dos tratamentos Fe-EDDHA e Fe-EDDHMA não apresentaram sintomas visuais de deficiência. Fe-EDDHA propiciou melhor desempenho sob o aspecto nutricional e na altura das plantas do que Fe-EDDHMA, sendo recomendado para a produção de mudas cítricas nos viveiros.

  7. Transpiração do tomateiro cultivado em substrato e sua influência na fração lixiviada e na condutividade elétrica da solução nutritiva drenada = Transpiration of tomato crop cultivated in substrate and its influence on the leaching fraction and electrical conductivity of the drained nutrient solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio José Steidle Neto

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da transpiração do tomateiro na fração lixiviada e na condutividade elétrica (CE da solução nutritiva percolada no substrato de areia, em cultivo realizado sob condições de casa-de-vegetação. Foram utilizadas duas técnicas de fertirrigação, sendo uma denominada de sistema de controleconvencional e outra, de sistema de controle computadorizado. No sistema de controle convencional, a solução nutritiva foi aplicada em intervalos de tempo fixos entre eventos de fertirrigação. No outro sistema, a aplicação ocorreu de acordo com estimativas de transpiração que foram realizadas pelo algoritmo de controle do sistema computadorizado. Em dias nublados, a CE da solução nutritiva drenada diminuiu em ambos os sistemas, em decorrência da baixa transpiração e da alta fração lixiviada, o que amenizou a salinização do substrato. Entretanto, em altos valores de radiação solar, a CEaumentou devido à baixa lixiviação. Os resultados demonstraram que, em condições de nebulosidade, o sistema de controle computadorizado reduziu o volume de efluentes em 54% em relação ao sistema de controle convencional e, simultaneamente, impediu a salinização do substrato por meio da manutenção da CE média diária da solução drenadaentre 2,9 e 3,5 dS m-1.The objective of this work was to evaluate the influence of tomatotranspiration on the leaching fraction and electrical conductivity (EC of the nutrient solution drained in the sand substrate under greenhouse growing conditions. Two fertigation techniques were used, one denoted by conventional control system and the other by computerized control system. In the conventional control system, the nutrient solution was applied by using fixed time intervals between fertigation events. In the other system, the application occurred according to transpiration estimates, which were performed by the control algorithm of the computerized system

  8. Efeitos da inoculação com rizóbio e da adubação nitrogenada na produção de mudas de Sesbânia em substrato constituído de resíduos agroindustriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chaves Luciana de Lima Brandão

    2003-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes fontes e doses de N e da inoculação com rizóbio na produção de mudas de Sesbania virgata (sesbânia, conduziu-se um experimento no qual se utilizou como substrato composto de bagaço de cana-de-açúcar + torta de filtro de usina peneirados (3:2, v:v e decompostos. Foram testados os seguintes tratamentos em esquema fatorial: 3 doses de N (100, 200 e 300 mg/dm³ x 3 doses de N (uréia, sulfato de amônio e nitrato de amônio + 2 tratamentos adicionais (inoculado e não-inoculado com rizóbio. As três adubações foram realizadas a cada 15 dias, sendo a primeira 30 dias após a semeadura. O experimento foi conduzido sob delineamento inteiramente casualizado, com três repetições compostas por 80 mudas. As mudas foram avaliadas em altura, diâmetro, massas de matéria seca da parte aérea e do sistema radicular, área foliar e potencial de regeneração de raízes. Conclui-se que para este substrato a inoculação das sementes foi suficiente para atender à demanda de N das mudas de sesbânia.

  9. Reguladores vegetais e substratos no enraizamento de estacas de erva-baleeira (Varronia curassavica Jacq.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.D.R. Mendes

    2014-06-01

    Full Text Available A erva-baleeira, espécie medicinal anti-inflamatória, pode ser propagada por sementes, no entanto, o desenvolvimento de métodos eficientes para a propagação vegetativa possibilitará a uniformidade nas populações e a clonagem de plantas de interesse quanto aos aspectos agronômico e de composição química. O presente trabalho objetivou avaliar os efeitos do ácido naftaleno acético (NAA e do ácido indolbutírico (IBA e de diferentes substratos no enraizamento de estacas semi-lenhosas de erva-baleeira. Os experimentos foram conduzidos em casa de vegetação em Montes Claros em delineamento inteiramente casualizados. Para o experimento teste da influência das auxinas, as estacas foram submetidas a tratamentos com NAA e IBA nas concentrações de 0, 500, 1000, 2000, 3000 e 4000 mg L-1, e para o experimento dos substratos, cinco substratos foram avaliados (vermiculita expandida + casca de arroz parcialmente carbonizada (proporção de 1:1; vermiculita expandida; substrato orgânico comercial para hortaliça (Tropstrato HT ®; areia; solo + compostagem (proporção de 1:1. Após 90 dias, para ambos os experimentos, foram avaliadas porcentagem de estacas enraizadas, de estacas mortas, de estacas vivas com calos, de estacas mortas com calos, número de raízes formadas por estaca e comprimento das três maiores raízes (cm. O regulador vegetal ideal para o enraizamento da espécie é o IBA, na concentração de 2.000 mg L-1, sendo que o NAA não é recomendado para a indução radicial em estacas erva-baleeira. O substrato vermiculita com casca de arroz carbonizada na proporção de 1:1 proporcionou maior porcentagem de enraizamento nas estacas da erva-baleira que o substrato solo + compostagem (1:1, os demais substratos não diferenciaram entre si.

  10. Propriedades de filmes finos de ZnO:Al depositados sobre substratos de poliimida à temperatura ambiente para aplicações em dispositivos optoeletrônicos flexíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. R. Cruz

    Full Text Available Resumo Este trabalho apresenta as propriedades de filmes finos de ZnO:Al crescidos por pulverização catódica com rádio frequência sobre substratos de poliimida para serem utilizados como eletrodos flexíveis de dispositivos optoeletrônicos. Para efeitos de comparação, os filmes também foram crescidos sobre lâminas de vidro soda-lime. Os filmes foram depositados com diversas potências de trabalho, sobre substratos mantidos à temperatura ambiente. Os efeitos da potência e da espessura nas propriedades ópticas, elétricas e estruturais do ZnO:Al foram investigados. Imagens de microscopia de força atômica revelaram que os filmes foram nanocristalinos e de baixa rugosidade. Valores de resistência de folha de 8 Ω/sq, correspondente a uma resistividade de 6x10-4 W.cm, e de transmitância de 75% na faixa do visível foram obtidos, os quais podem ser considerados satisfatórios, principalmente quando se considera que a deposição foi realizada à temperatura ambiente.

  11. Substratos e recipientes para a produção de porta-enxertos de citros irrigados por subcapilaridade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cesar Giuliani

    2014-03-01

    Full Text Available O conhecimento do porta-enxerto, do substrato e do recipiente são fundamentais para a definição do período necessário para produzir mudas cítricas de qualidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar a emergência de plântulas e o desenvolvimento vegetativo de seis porta-enxertos cítricos, cultivados em dois substratos e mantidos em diferentes recipientes, em sementeira, irrigados por subcapilaridade. Foram testados dois substratos comerciais e a semeadura foi realizada em tubetes com 50cm³, tubetes com 120cm³ e bandejas de isopor contendo 72 células com volume de 120cm³. Os seis porta-enxertos cítricos avaliados foram: Trifoliata [Poncirus trifoliata [L.] Raf.]; Flying Dragon [Poncirus trifoliata (L. Raf. var. monstrosa]; limoeiro Volkameriano (Citrus volkameriana Pasq., citrangeiro Fepagro C37 [P. trifoliata x Citrus sinensis [L.] Osbeck.], tangerineira Sunki (C. sunki hort. ex Tan. e citrumeleiro Swingle (P. trifoliata x C. paradisi. Avaliou-se emergência, altura e diâmetro das plantas ao longo do cultivo em casa de vegetação. Em laboratório, avaliou-se massa fresca e seca da parte aérea e raiz, número de folhas, área foliar por folha e área foliar por planta. Nas avaliações de emergência de plântulas, a tangerineira Sunki, o limoeiro Volkameriano e o citrumeleiro Swingle apresentaram maiores taxas em relação ao Trifoliata, ao citrangeiro Fepagro C 37 e ao Flying Dragon. Ao empregar-se o sistema de irrigação por subcapilaridade, o substrato comercial 1 é recomendado para todos recipientes. O substrato comercial 2 somente deve ser empregado em bandejas alveoladas de 120 cm³.

  12. CONDICIONADORES DE SUBSTRATO PARA PRODUÇÃO ORGÂNICA DE MUDAS DE CUPUAÇU

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SEBASTIÃO ELVIRO ARAÚJO NETO

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade e a biomassa de plantas de cupuaçuzeiro em substratos com diferentes condicionadores. O experimento foi realizado no Sítio Ecológico Seridó, município de Rio Branco – AC. Os tratamentos constituíram-se por alteração do condicionador dos substratos, sendo: T1 = casca de arroz carbonizada; T2 = fibra de coco; T3 = caule de palmeira; T4 = resíduo de sumaúma e T5 = composto orgânico. Os substratos T1, T2, T3 e T4 foram compostos por terra (30%, composto orgânico (30%, fino de carvão (10% e condicionadores (30%. O substrato (T5 foi considerado uma testemunha com maior proporção de terra (45% e composto orgânico (45% mais adição de fino de carvão (10%. Todos os substratos foram acrescidos de 1,0 kg m-3 de calcário dolomítico e 1,5 kg m-3 de termofosfato natural. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com cinco tratamentos e quatro repetições de três plantas cada. Foram avaliados aos 120 dias após a semeadura o número de folhas, a massa da matéria seca da raiz, a massa seca da parte aérea, a massa seca total, a altura da planta e o índice de qualidade da muda. Os substratos contendo fibra de coco, a fibra de caule de palmeira e o composto orgânico constituem alternativas viáveis como condicionadores de substrato para produção de muda de cupuaçu.

  13. Formation of beetroot seedlings in different protected environments, substrates and containers in Aquidauana region, State of Mato Grosso do Sul, Brazil Formação de mudas de beterraba em diferentes ambientes protegidos, substratos e recipientes na região de Aquidauana-MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia C. de Oliveira

    2012-06-01

    Full Text Available This study with beetroot seedlings, cultivar Top Tall Early Wonder, was carried out at the State University of Mato Grosso do Sul (UEMS/Aquidauana, from October to November 2008. Three environments of cultivation were used: greenhouse; nursery with monofilament screen of 50 % of shading; and nursery with aluminized thermal reflective screen of 50% of shading. In these environments, three polystyrene trays of 72, 128 and 200 cells, filled with four substrates, were tested: soil; Plantmax®; coconut fiber and vermiculite. There were no replication environments and then each one was considered an experiment alone. For each environment, it was adopted a completely randomized design in factorial scheme 3x4 (three trays x four substrates, with four replications, performing individual analysis of variance and joint analysis of experiments for environment comparisons. The monofilament screen is the best environment for seedlings produced in tray of 72 cells, and the greenhouse was the best environment for seedlings produced in trays of 128 cells. The best seedlings were formed in the tray of 72 cells. Vermiculite was the best substrate.Pesquisa com formação de mudas de beterraba, cultivar Top Tall Early Wonder, foi desenvolvida na UEMS/Aquidauana, nos meses de outubro e novembro de 2008. Foram utilizados três ambientes de cultivo: estufa agrícola; viveiro de tela de monofilamento, com 50% de sombreamento, e viveiro de tela termorrefletora aluminizada, com 50% de sombreamento. No interior destes ambientes, foram testadas bandejas de poliestireno de 72; 128 e 200 células, preenchidas com quatro substratos: solo, Plantmax®, fibra de coco fina e vermiculita. Por não haver repetições dos ambientes, cada um foi considerado um experimento. Para cada ambiente de cultivo, foi adotado o delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 4 (três bandejas x quatro substratos, com quatro repetições, realizando análises de vari

  14. Variedades de substratos na qualidade da produção de mudas de girassol irrigadas com água residuária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kalyne Sonale Arruda de Brito

    2014-10-01

    Full Text Available A formação de mudas de qualidade é bastante importante para a obtenção de culturas saudáveis, o girassol possui alta capacidade de adaptação climática como também potencial econômico. Nesse contexto, a pesquisa foi realizada em casa de vegetação na Universidade Federal de Campina Grande, objetivando-se avaliar a qualidade na formação de mudas de girassol em diversas composições de substratos irrigado com água residuária tratada. Nas composições dos substratos utilizou-se substrato comercial, solo e fibra de coco. Foram avaliados a relação da altura da planta e diâmetro do coleto (RAD, a massa seca total, a relação parte aérea/sistema radicular e o índice de qualidade de Dickson.  A composição substrato comercial (S1 e substrato comercial + solo (S6 aos 45 dias após a semeadura teve valores superiores aos demais com a RAD de 8,98 e 8,66, respectivamente. A irrigação com água residuária favoreceu maior massa seca total a partir da terceira avaliação. Os substratos que foram considerados adequados para a qualidade na formação de mudas de girassol foram a composição de substrato solo + fibra de coco (S4, substrato comercial + fibra de coco (5, substrato comercial + solo (S6.

  15. Slag melting temperature and contact angle on high carbon containing refractory substrates Temperatura de fusão e ângulo de contato de escórias em substratos de concretos refratários contendo alto teor de carbono

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. P. Luz

    2011-06-01

    Full Text Available In this work the sessile drop technique was used in order to evaluate the melting temperature of synthetic and industrial slags, and their contact angle as a function of time and temperature on substrates of an Al2O3-SiO2-SiC-C castable containing 10 wt.% of carbon or its matrix. The best experimental conditions for the evaluation of the wetting behavior of refractory castables were attained when 25 x 25 x 10 mm³ matrix substrates and cylindrical slag pellets of 3 mm diameter and 5 mm high were used. This substrate - slag set resulted in contact angle values with good reliability. Small differences between the contact angle behavior on ground and polished matrix surfaces for synthetic slags were also detected. Additionally, industrial slags containing various oxide components, showed high values of contact angles and lower liquid spreading when compared with synthetic slags. This difference can be associated to the interaction liquid-solid at the material interface. Besides that, the wetting experiments were presented as a good alternative for measuring the melting temperatures of slags, as their values are difficult to determine due to the high oxide variety in the industrial slag compositions and the interaction between the slag and the substrate.Neste trabalho a técnica da gota séssil foi usada na avaliação da temperatura de fusão de escórias sintéticas e industriais e de seus ângulos de contato, em função do tempo e da temperatura, sobre substratos de um concreto Al2O3-SiO2-SiC-C que contém 10%-p de carbono ou sobre somente sua matriz. As melhores condições experimentais para a avaliação do comportamento de molhamento dos concretos refratários foram obtidas quando utilizados substratos da matriz de 25 x 25 x 10 mm³ e cilindros das escórias com 3 mm de diâmetro e 5 mm de altura. O uso deste conjunto substrato-escória proporcionou a obtenção de valores de ângulo de contato com boa reprodutibilidade. Pequenas diferen

  16. Avaliação de substratos para a produção de mudas de tomate e pepino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio de Mendonça Costa

    2013-10-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, avaliar mudas de pepino e de tomateiro em relação a diferentes composições de substratos orgânicos, formulados com composto de resíduos do abate de aves, podas de árvores e areia. Os experimentos foram realizados em bandejas com 200 células, em blocos casualizados. Para mudas de tomateiro, os tratamentos foram: T0 (Plantmax® HT; T1 (composto; T2 (composto + areia, proporção 3:1 peso; T3 (composto + areia, proporção 1:1 peso e T4 (composto + areia, proporção 1:3 peso. Para mudas de pepino, os tratamentos foram: T0 (Plantmax® HA e as mesmas composições de substratos orgânicos adotadas para as de tomate. Avaliaram-se a emergência de plântulas (EP, o comprimento de raiz (CR, a massa seca de raiz (MSR e da parte aérea (MSPA. Os substratos T0 e T4, que proporcionaram emergência rápida das plântulas de tomateiro, propiciaram maior CR. Mas os valores de CR nesses subtratos não diferiram daqueles observados em T2 e T3, aos 20 dias após a emergência (DAE. Houve aumento da MSPA do tomateiro, cultivado em T4, em relação à dos cultivados em T0 e T3. A MSR do tomateiro, em T2, T3 e T4, foi superior à observada em T0 e T1. Para a MSPA do pepino, aos 30 DAE, houve acúmulo de massa seca das plantas cultivadas em T3 e T4, em relação à dos tratamentos T0 e T1. Em relação à MSR, os substratos à base de composto proporcionaram resultados superiores aos de T0, destacando-se T3 e T4. Assim, para produção de mudas de pepino, recomendam-se os substratos T3 e T4 e, para tomateiro, o substrato T4.

  17. Dry matter production and nutrient accumulation after successive crops of lettuce, tomato, rice, and andropogongrass in a substrate with zeolite Produção de matéria seca e acúmulo de nutrientes após cultivos sucessivos com alface, tomate, arroz e capim andropogon em substrato com zeólita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto C. de Campos Bernardi

    2010-04-01

    Full Text Available Zeolites are hydrated crystalline aluminosilicate minerals of natural occurrence, structured in rigid third dimension net that can be used as slow release plant-nutrient source. The main objective of this study was to evaluate the effects of plant growth substrate under zeolite application, enriched with N, P and K, on dry matter yield and on nutrient contents in consecutive crops of lettuce, tomato, rice, and andropogon grass. The experiment was carried out in a greenhouse, with 3 kg pots with an inert substrate, evaluated in a randomized block design with three replications. Treatments consisted of four types of enrichment of concentrated natural zeolite: concentrated zeolite (Z only, zeolite + KNO3 (ZNK, zeolite + K2HPO4 (ZPK and zeolite + H3PO4 + apatite (ZP, and a control grown in substrate fertilized with a zeolite-free nutrient solution. Four levels of enriched zeolite were tested: 20, 40, 80, and 160 g/pot. Four successive crops were grown on the same substrate in each pot: lettuce, tomato, rice, and andropogon grass. Results indicated that N, P and K enriched zeolite was an adequate slow-release nutrient source for plants. The total dry matter production of above-ground biomass of four successive crops followed a descending order: ZP > ZPK > ZNK > Z.Zeólitas são minerais aluminossilicatos cristalinos hidratados de ocorrência natural, estruturados em redes cristalinas tridimensionais rígidas que podem ser usados como fonte de liberação lenta de nutrientes para as plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da adição de zeólita enriquecida com N, P e K ao substrato de cultivo sobre a produção de matéria seca e o acúmulo de nutrientes pelas culturas sucessivas de alface, de tomate, de arroz e de capim-andropogon. O experimento foi conduzido em vasos em casa de vegetação, em vasos contendo 3 kg de substrato inerte. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com três repetições. A zeólita natural

  18. Substratos alternativos na produção de mudas de Chamaecrista desvauxii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Vinicius Winckler Caldeira

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial da utilização de resíduos orgânicos como componentes do substrato para produção de mudas de Chamaecrista desvauxii, vulgarmente conhecida como rabo-de-pitu, empregada na recuperação de áreas degradadas. Estabeleceram-se os tratamentos utilizando quatro tipos de substrato: lodo de esgoto (LE, casca de arroz carbonizada (CAC, palha de café in natura (PC in natura e substrato comercial (SC, em diferentes proporções de volume. Quando as mudas atingiram 150 dias de idade, elas foram mensuradas quanto às seguintes características: altura, diâmetro do coleto, relação entre altura e diâmetro do coleto, massa seca da parte aérea, massa seca do sistema radicular, massa seca total, relação entre massa seca da parte aérea e massa seca do sistema radicular e índice de qualidade de Dickson (IQD. Os substratos formulados com lodo de esgoto, casca de arroz carbonizada e palha de café in natura propiciaram os melhores resultados das características avaliadas, sendo o tratamento com 60% LE + 20% CAC + 20% PC in natura o que proporcionou as mais adequadas características morfológicas avaliadas na produção de Chamaecrista desvauxii.

  19. Caracterização física de substratos para plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Queiroz Zorzeto

    2014-09-01

    Full Text Available A caracterização física de substratos para plantas no Brasil ainda é incipiente, embora, apenas com a definição adequada de métodos confiáveis seja possível padronizar insumos e fornecer as recomendações necessárias aos produtores. Objetivou-se caracterizar fisicamente seis substratos para plantas e comparar métodos prescritos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento brasileiro e pelo Comitê Europeu de Normatização. Os substratos avaliados foram: fibra de coco granulada, dois tipos de casca de pínus, casca de arroz estabilizada e duas misturas (50:50, v:v, uma de casca de arroz com fibra de coco granulada e a segunda de casca de pínus e casca de arroz. O projeto, realizado em 2009, teve delineamento experimental inteiramente casualizado. Os substratos apresentaram diferenças quanto aos atributos físicos: umidade, granulometria, densidade volumétrica, capacidade de retenção de água, densidade de partícula e porosidade, características com as quais se pode inferir sobre sua utilização. Quanto aos parâmetros físicos recomendados em cada um dos métodos, sugere-se: para determinação da umidade da amostra, secagem à temperatura de 65 ± 5 °C; para granulometria, tempo de 10 min de agitação das peneiras; para densidade volumétrica, método da autocompactação; para capacidade de retenção de água, a base do anel volumétrico da amostra como referência e a adoção da dupla saturação e da pré-tensão em 50 hPa; para determinar a curva de retenção de água dos substratos, os pontos de tensão em 10, 30, 50 e 100 hPa; para caracterização dos substratos quanto à sua origem, inclusão da densidade de partícula pela determinação da matéria orgânica e de cinzas.

  20. Doses de composto orgânico comercial na composição de substratos para a produção de mudas de maracujazeiro em diferentes tipos de cultivo protegido Contents of commercial organic compound in the production of passiflora seedlings in different types of protected cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2010-10-01

    Full Text Available Doses de composto orgânico comercial misturado ao solo foram utilizadas como substrato na produção de mudas de maracujazeiro amarelo. O experimento foi conduzido no Campus de Aquidauana, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, de setembro a dezembro de 2007. Utilizaram-se seis ambientes protegidos: estufa plástica com pé-direito de 2,5m; viveiro telado com Sombrite® 50%, com pé-direito de 2,5m; viveiro telado de tela termo-refletora Aluminet® 50%, com pé-direito de 2,5m; viveiro coberto com palha de coqueiro, com pé-direito de 1,8m; estufa plástica com pé-direito de 4,0m, possuindo abertura zenital e tela termo-refletora 50% sob o plástico e, viveiro telado de tela de sombreamento 50%, com pé-direito de 3,5m. Foram utilizados cinco substratos com doses de 0, 7, 14, 21 e 28% de composto orgânico misturado ao solo. Utilizou-se o delineamento em parcelas subdivididas, com dez repetições. As parcelas principais foram os ambientes de cultivo e as subparcelas foram os substratos. Conclui-se que a estufa agrícola com altura de 4,0m, o viveiro agrícola com altura de 3,5m e o viveiro coberto com palha de coqueiro nativo propiciaram melhor desenvolvimento das mudas. As doses de 7%, 14% e 21% de composto orgânico se mostraram viáveis para composição de substratos com solo da região.Contents of commercial organic compound mixed with soil were used as substrate in the production of Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. seedlings. The experiment was carried out in the Aquidauana Campus at the State University of Mato Grosso do Sul, from September to December of 2007. Six environments were used: plastic greenhouse with height of 2.5m; nursery with height of 2.5m covered by shade net with black monofilament of 50% shading rate; nursery with height of 2.5m covered by Aluminum shading screen with shading rate of 50%; nursery with height of 1.8m covered by straw of native coconut; plastic greenhouse with height of 4.0m, zenith

  1. Efeito de diferentes substratos na produção de mudas de mangabeira (Hancornia speciosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela Aparecida da Silva

    2009-09-01

    Full Text Available A mangabeira (Hancornia speciosa Gomes é uma espécie frutífera nativa do Cerrado, que devido às características dos seus frutos apresenta enorme potencial de aceitação pelo mercado consumidor, além de apresentar expressivo potencial produtivo. Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes substratos na produção de mudas de mangabeira em sacos de polietileno e determinar o melhor substrato para a propagação da espécie. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Cassilândia. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições e 15 plantas por parcela. Foram testadas cinco misturas de substratos: A (areia lavada + Plantmax® + solo, 1:1:3 v:v:v; B (casca de arroz carbonizada + Plantmax® + solo, 1:1:3; C (casca de arroz carbonizada + húmus de minhoca + solo, 1:1:3; D (esterco bovino + Plantmax® + solo, 1:1:3, e E (esterco bovino + solo, 2:3. Foram avaliados os parâmetros: porcentagem de germinação, índice de velocidade de emergência (IVE, porcentagem de mortalidade, altura da muda (cm, diâmetro do colo (mm, comprimento da raiz (cm, número de folhas/planta, índice de clorofila foliar (CCI, massa seca, parte aérea da raiz e total (g/planta. As melhores características para uma muda sadia e de boa qualidade para pegamento no campo foram obtidas com os substratos D e E, sendo estes os recomendados para a produção de mudas de mangabeira em sacos de polietileno.

  2. Substratos utilizados para a criação de dípteros caliptratos em uma área urbana do Município do Rio de Janeiro Breeding media used for rearing of flies in an urban area of the State of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Mario D'Almeida

    1988-06-01

    Full Text Available Em uma área urbana do município do Rio de Janeiro, foram criados 10.988 dípteros caliptratos, pertencentes a quatro famílias e 22 espécies. As criações foram efetuadas em quatro etapas durante os anos de 1986 a 1987. Foram utilizados como substratos: peixe, fígado, carcaça de camundongo, fezes humanas e caninas, camarão, siri, banana, manga mamaão e tomate. As espécies criadas com maior freqüência foram: Fania sp (subgrupo pusio, Atherigona orientalis, Phaenicia eximia, Paraphrissopoda chrisostoma, Chrisomyia megacephala, Ophyra solitaria, Musca domestica, Synthesiomyia nudiseta, Phaenicia cuprina, Ophyra aenescens, Sarcophagula occidua, Morellia flavicornis, e Sarcodexia innota.In an urban area of Municipality of rio de Janeiro were bred 10,988 calliptrate flies belonging to 4 families and 22 species. Breeding was effectuated in four steps during the years of 1986 and 1987. It were used as larvae substrate; fish, liver, mouse carcas, human and dog faeces, shrimp, crab, banana, mango, papaya and tomato. The species bred with frequency were: Fannia sp 9sub grouppusio, Atherigona orientalis, Phaenicia eximia, Paraphrissopoda chrysostoma, Chrysomyia megacephala, Ophyra solitaria, Musca domestica, Sarcophagula occidua, Morellia flavicornis e Sarcodexia innota.

  3. Emergência e crescimento de alface (Lactuca sativa L. submetida a substratos orgânicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franciele Mara Lucca Zanardo Bohm

    2017-06-01

    Full Text Available A agricultura orgânica se destaca como modo de produção que consiste em um sistema sustentável. Um dos desafios desse método de cultivo é a produção de alimentos com qualidade em quantidades suficientes sem comprometer o meio ambiente. Objetivou-se analisar o efeito de substratos orgânicos na germinação e crescimento inicial de alface. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (substratos e duas repetições. Foram testados os substratos: composto de Sibipiruna, substrato comercial, composto de Sibipiruna com chorume e substrato comercial com chorume. O chorume foi obtido exclusivamente da decomposição de vegetais. Foi avaliado o efeito dos substratos pelo percentual de germinação, massa fresca, massa seca e comprimento da radícula. Pôde-se considerar que houve diferença significativa entre os tratamentos. As sementes, quando germinadas em substrato de Sibipiruna com chorume, apresentaram maior massa seca e comprimento de radícula. Com relação à massa fresca, os valores obtidos foram maiores quando o chorume foi adicionado a ambos os substratos. O chorume obtido da decomposição de vegetais aumentou a germinação e o crescimento inicial das plântulas.Emergence and growth of lettuce (Lactuca sativa L. submitted to organic substratesAbstract: Organic agriculture stands out as a mode of production consisting of a sustainable system. One of the challenges of this method of cultivation is the production of sufficient quality food in sufficient quantities without compromising the environment. The objective of this study was to analyze the effect of organic substrates on germination and initial lettuce growth. The experiment was conducted in a completely randomized design with four treatments (substrates and two replicates. The substrates were tested: Sibipiruna compound, commercial substrate, Sibipiruna compound with slurry and commercial slurry substrate. The manure was

  4. Substratos de fibra de coco granulada e casca de arroz para a produção do morangueiro ‘Oso Grande’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Queiroz Zorzeto

    2016-01-01

    Full Text Available RESUMO O morangueiro, cultivado em solo, torna-se suscetível a fungos nele presentes. Rotações de áreas de plantio são fundamentais para o manejo fitossanitário, realidade impraticável para alguns produtores brasileiros com áreas reduzidas para o cultivo. Essa problemática incentivou o uso de substratos, padrão técnico já bem estabelecido na Europa. O objetivo foi avaliar a resposta do morangueiro (‘Oso Grande’ em três tipos de substratos (fibra de coco granulada, casca de arroz pura e a mistura dos dois em iguais proporções, volumes (1,0; 1,5 e 2,0 L e frequências de irrigação (duas, três e quatro vezes por dia. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em Jundiaí (SP, no período de 2 de julho a 4 de outubro de 2010. Os dados foram submetidos à análise conjunta de experimentos, em esquema fatorial triplo (frequências de irrigação, tipos de substratos e volumes de substrato. O melhor resultado foi para a mistura de substratos, irrigada três vezes por dia, em 1,0 L do material, com produtividade média de 223 g por planta. A casca de arroz é ineficiente para o cultivo em vaso. Entretanto, na forma de misturas, esse substrato torna-se adequado ao cultivo, possibilitando melhores resultados quando comparado à fibra de coco granulada.

  5. Crescimento e nutrição mineral do porta-enxerto limoeiro 'Cravo' cultivado em substrato com zeólita enriquecida com NPK Growth and mineral nutrition of rangpur lime rootstock cultivated in substrate with zeolite enriched with NPK

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto Carlos de Campos Bernardi

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da adição de um concentrado zeolítico enriquecido com N, P e K ao substrato de cultivo sobre o crescimento, produção de matéria seca, área foliar, teores e extração de N, P e K e os teores de clorofila do limoeiro 'Cravo'. O porta-enxerto foi cultivado por 93 dias em tubetes de 150 cm³ com substrato orgânico compostado de casca de coco e carvão vegetal (3:1 ao qual se adicionou o concentrado zeolítico. Este foi obtido com a concentração da zeólita natural (Z e enriquecimento desta com KNO3 (ZNK, e também com a acidificação com H3PO4 e mistura com apatita (ZP. Utilizou-se uma mistura de 30%ZNK + 70%ZP nas doses de: 0; 2,5; 5; 10 e 15 g por planta. Os resultados indicaram que o fornecimento de nutrientes através do mineral zeólita adicionado ao substrato orgânico comprovou ser alternativa viável para a obtenção de porta-enxertos no sistema de produção em ambiente protegido. A adição de 6,4 g do concentrado zeolítico enriquecido com NPK aumentou significativamente a produção de matéria seca, área foliar, altura e diâmetro de caule. Este aumento foi de 37,5% em relação à testemunha que não recebeu o concentrado zeolítico. Houve aumentos nos teores e extração de N, P e K com o fornecimento da zeólita enriquecida. As leituras dos teores de clorofila relacionaram-se com os teores de N, indicando ser esta uma alternativa para o diagnóstico do estado nutricional para a cultura.The main objective of this research was to evaluated the growth, dry matter production, leaf area, N, P and K levels and exportation and chlorophyll levels of Rangpur Lime (Citrus limonia Osbeck grown in a substrate with NPK enriched zeolite. Rootstocks were cultivated during 93 days in 150cm³-dibble tubes containing composted organic substrate of cocopeat and vegetal coal (3:1 with zeolite addition. Treatments comprised 4 levels (0, 2.5, 5, 10 and 15 g per plant of a NPK-enriched zeolite

  6. Efeitos do substrato no enraizamento de estacas caulinares de Bougainvillea.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kathia Maria Barbosa e Silva

    2005-06-01

    Full Text Available A Bougainvillea spectabilis Willd. é interessante, nas arborizações residencial e urbana, porque floresce durante todo o ano e apresenta variação de cores de brácteas e tolerância a estresses hídricos. A percentagem de pegamento das estacas da buganvília é, em geral, pequena e pode estar associada ao substrato usado. Oobjetivo do trabalho foi avaliar os efeitos do substrato sobre a percentagem de enraizamento de estacas de buganvília. Dois experimentos foram realizados, num delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições. No primeiro, os tratamentos foram: ‘areia vermelha’ (AV, ‘areia grossa’ (AG, AV + AG, AV + palha de carnaubeira Copernicia cerifera Mart. curtida (PC, AG + PC e AV + AG + PC. A análise de uma amostra de AG indicou densidade aparente de 1,21 mg m-3, retenção de umidade de 8,00 (0,01 Mpa, 10,2 mm e 51,03 mm m-1 de água disponível e, em g kg-1: 904 de areia grossa, 85 de areia fina, 4 de silte e 7 de argila. Os valores respectivos para AV foram de 1,20 mg m-3, 10,96 (0,01 Mpa, 13,1 mm, 65,28 mm m-1 e 405, 556, 5 e 34 nas frações granulométricas. Maiores percentagens de estacas enraizadas foram obtidas com o uso de AG (24% ou AG + AV (28%. No segundo experimento, PC foi substituída por húmus de minhoca (HM. Maior percentagem de estacas enraizadas foi obtida com AG + HM (73%.

  7. Altura da lâmina, tempo e volume de enchimento de um equipamento de irrigação por pavio e determinação da uniformidade de distribuição de água em substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhuanito Soranz Ferrarezi

    2012-01-01

    Full Text Available Os objetivos deste experimento foram realizar a avaliação da altura da lâmina de água, do tempo e volume de enchimento de um equipamento de irrigação por pavio usando calhas autocompensadoras e determinar a uniformidade de distribuição de água (UDA nesse equipamento utilizando substratos orgânicos comerciais (casca de pinus/CP e fibra de coco/FC. Dois módulos experimentais foram montados em delineamento experimental inteiramente casualizado com cinco repetições. Verificou-se grande variação das medidas de altura da lâmina de água (1,6 a 4,0 cm, mesmo com o equipamento nivelado. O tempo médio de enchimento foi de 6h22min para o Módulo 1 com CP e de 3h45min para o Módulo 2 com FC. O volume de enchimento foi variável, observando-se que as calhas das extremidades (n.° 1 e 5 apresentaram os menores volumes no Módulo 1, e as calhas do início (n.° 1 e 2 no Módulo 2. No Módulo 1, a umidade volumétrica (θ variou de 42% a 94%, e no Módulo 2, de 24% a 72%, com pontos isolados de secamento e/ou encharcamento. A altura da lâmina de água, o tempo e o volume de enchimento das calhas foram desuniformes nos dois módulos experimentais e nas cinco calhas autocompensadoras, indicando imperfeições no equipamento. A distribuição de água foi variável nos substratos em razão de suas características físico-hídricas e também da altura da lâmina de água nas calhas, apresentando maior umidade e uniformidade de distribuição de água na casca de pinus do que na fibra de coco.

  8. Crescimento inicial de Campomanesia xanthocarpa O. Berg sob diferentes composições de substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.O. CARNEVALI

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO:O objetivo do trabalho foi avaliar a influência de diferentes composições de substratos no crescimento inicial de Campomanesia xanthocarpa, bem como avaliar índices fisiológicos. O trabalho foi desenvolvido em Dourados-MS, no período de janeiro a outubro de 2008. Foi estudada aCampomanesia xanthocarpa sob cinco diferentes substratos (LVd/A/O= Latossolo Vermelho distroférrico+areia grossa lavada+Organosuper® (5:4:1 v/v; LVd/A/C= Latossolo Vermelho distroférrico+areia grossa lavada+cama-de-frango (5:4:1 v/v; LVd/A/O2= Latossolo Vermelho distroférrico+areia grossa lavada+Organosuper® (7:2:1 v/v; LVd/A/C2= Latossolo Vermelho distroférrico+areia grossa lavada+cama-de-frango (7:2:1 v/v; LVd/A= Latossolo Vermelho distroférrico+areia grossa lavada (6:4 v/v, em vasos de 7 dm3, e mantidos em ambiente protegido com 100% de luminosidade. O substrato composto por Latossolo Vermelho distroférrico + areia grossa lavada proporcionou maior diâmetro de caule (8,29 mm, massa seca de raiz, caule e folhas (6,98; 4,49 e 9,06 g/planta, respectivamente e aumento nos índices fisiológicos nas avaliações finais, indicando que este substrato pode ser utilizado no desenvolvimento de Campomanesia xanthocarpa.

  9. Enraizamento de estacas do porta-enxerto de marmeleiro (Cydonia oblonga Mill. cv. EMC, em diferentes substratos, concentrações de ácido indolbutírico e enxertia de raiz Effect of substrate, indolebutyric acid and root grafting on the propagation of quince (Cydonia oblonga MILL. cultivar emc by cuttings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clevison Luiz Giacobbo

    2007-02-01

    Full Text Available Com este trabalho, objetivou-se testar técnicas para o enraizamento de microestacas lenhosas de marmeleiro cv. EMC por meio de diferentes substratos, concentrações de ácido indolbutírico (AIB e a enxertia de raiz. Foram realizados dois experimentos; no experimento 1 testou-se concentrações de AIB (0, 1000, 2000 e 3000 mg.L-1 e no experimento 2 enxertia de raiz (com e sem enxertia de raiz. Para ambos os experimentos as estacas foram acondicionadas em três substratos (vermiculita, Plantmaxâ e vermiculita + Plantmaxâ, em proporção de volume de 1:1 e avaliado o número e comprimento de raízes e brotos por estacas, percentual de estacas enraizadas e, percentual de sobrevivência a campo. No experimento 1, verificou-se resposta linear positiva para número médio de raízes e negativo para número e comprimento de brotações e sobrevivência a campo, enquanto que nas variáveis comprimento médio de raízes e porcentagem de enraizamento, observou-se comportamento polinomial quadrático, com melhor resposta obtida com 1354 e 2119 mg.L-1 de AIB, respectivamente. No experimento 2, verificou-se que a utilização de vermiculita + Plantmaxâ apresentou maior número de raízes por estaca, quando utilizada enxertia de raiz, porém menor comprimento de brotos. A campo, a melhor resposta foi obtida nas plantas sem enxertia de raiz e oriundas do substrato vermiculita, 93,75%.The objective for this study was to evaluate the effects of different substrates, concentrations of indolebutyric acid (IBA, and root grafting on the rooting of quince (Cydonia oblonga Mill. cv. EMC hardwood cuttings. Two experiments were carried out. In the experiment 1, four concentrations of IBA (0; 1000; 2000 and 3000 mg.L-1 were tested. In the experiment 2, cuttings with or without root grafting were tested. In both experiments the cuttings were placed in one of the three substrates: vermiculite; Plantmax® ; or Plantmax® + vermiculite, 1:1 (v/v. The variables evaluated

  10. Diferentes composições com substratos orgânicos na produção de mudas de Eugenia uniflora L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Licielo Romero Vieira

    2015-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n3p43 A utilização de substratos formulados com resíduos da agroindústria, tais como a fibra de coco, a serragem e a casca de arroz carbonizada, é uma das alternativas sustentáveis visando a diminuir os custos de produção de mudas de espécies vegetais. Este estudo teve por objetivo avaliar a utilização de diferentes substratos na obtenção de mudas de Eugenia uniflora L. de alta qualidade. O experimento foi conduzido na Universidade Federal do Pampa (Unipampa – Campus São Gabriel-RS, com semeadura diretamente em tubetes de polipropileno de 200 cm3, testando diferentes substratos (50% de substrato comercial Plantmax® + 50% de casca de arroz; substrato comercial Plantmax®; 50% de substrato comercial Plantmax® + 50% de fibra de casca de coco; e 50% de substrato comercial Plantmax® + 50% de serragem. A cada três dias foram avaliados o número de plântulas emergidas e, após 180 dias, as seguintes características morfológicas foram analisadas: altura da parte aérea, diâmetro do coleto, número de folhas, massa fresca radicular e total, massa seca da parte aérea, radicular e total e o índice de qualidade de Dickson. Os resultados indicam que todos os substratos foram adequados à emergência de Eugenia uniflora, mas aquele com 50% de substrato comercial Plantmax® + 50% de serragem proporcionou um atraso na emergência dessa Myrtaceae; além disso, os substratos com 50% de substrato comercial Plantmax® + 50% casca de arroz e 50% substrato comercial Plantmax® + 50% fibra de casca de coco mostraram-se satisfatórios para o crescimento de mudas de Eugenia uniflora.

  11. Efeito de substratos e boro no enraizamento de estacas de pitaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Marcio Guimarães Santos

    2010-12-01

    Full Text Available A pitaya é uma espécie vegetal trepadeira e frutífera, pertencente à família das cactáceas e que vem se destacando no mercado de frutas exóticas no Brasil. Objetivou-se avaliar diferentes substratos no enraizamento de cladódios com a base imersa e não-imersa em solução com ácido bórico, na formação e no desenvolvimento inicial de raízes, visando à obtenção de mudas mais vigorosas, de melhor qualidade e com maiores chances de sobrevivência. O experimento foi conduzido sob ripado no Departamento de Produção Vegetal, setor de Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas no campus de Botucatu, UNESP, São Paulo. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 2 (substratos x boro, com quatro repetições. Após 60 dias da instalação do experimento foram avaliados: massa de matérias fresca e seca da parte aérea, massa de matérias fresca e seca das raízes e comprimento da maior raiz. O crescimento e desenvolvimento radicular inicial de estacas são influenciados pelo tipo de substrato e pelo uso do micronutriente boro. A mistura areia + esterco proporciona maior acúmulo de fitomassa na parte aérea e no sistema radicular de pitaya vermelha. Dentre os substratos trabalhados, o mais indicado para a produção de mudas mais vigorosas e de boa qualidade é o preparado à base de mistura de areia + esterco bovino curtido.

  12. Aspectos morfológicos, germinação e desenvolvimento inicial de plântulas de Archontophoenix alexandrae (F. Mueller H. Wendl. e Drude (Arecaceae em diferentes substratos Morphological aspects, germination and initial seedling development of Archontophoenix alexandrae (F. Mueller H. Wendl. e Drude (Arecaceae in different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamilton César de Oliveira Charlo

    2006-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo descrever a morfologia dos diásporos e as suas fases de germinação, bem como determinar o substrato mais adequado para a germinação das sementes e o crescimento das plântulas de palmeira-da-rainha (Archontophoenix alexandrae (F. Mueller H. Wendl. e Drude. Periodicamente, unidades representativas de cada fase de germinação foram retiradas para as descrições morfológicas. Os substratos utilizados foram Plantmax®, areia, terra (latossolo roxo e outro com proporções iguais de terra, areia e esterco (TAE. Foi instalado um experimento em delineamento inteiramente casualizado. Avaliaram-se a porcentagem, o tempo médio de germinação e o crescimento inicial das plântulas aos 135 dias após a emergência, com base na altura, diâmetro do colo e número, comprimento e largura das folhas. As sementes são albuminosas, com endosperma ruminado e oleaginoso, e o embrião é lateral, periférico e relativamente indiferenciado. A germinação é do tipo criptocotiledonar hipógea, iniciando-se com a formação de uma massa de células indiferenciadas na depressão micropilar. Essa massa de células torna-se cilíndrica, com a diferenciação dos primórdios caulinares e radiculares. Concomitantemente, ocorre o desenvolvimento de raízes adventícias no eixo embrionário. O substrato mais indicado para a germinação de sementes de palmeira-da-rainha é o Plantmax®, porém, para o crescimento inicial, indica-se Plantmax® e TAE.This work aimed at describing the morphology and germination phases of diaspores, in order to determine a more suitable substrate for germination and growth of Queen Palm seedlings. Representative units of each germination phase were removed periodically for the morphological descriptions. The used substrates were Plantmax®, sand, rich soil and a substrate with equal ratios of soil, sand and manure (TAE. The experiment was performed in a completely randomized design. The percentage and

  13. Acumulação de massa seca e rendimento de frutos de tomateiro cultivado em substrato com cinco doses de solução nutritiva Dry mass accumulation and fruit yield of tomato plants grown in substrate under five doses of nutrient solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge E. Rattin

    2003-03-01

    Full Text Available Avaliou-se o efeito de cinco doses de solução nutritiva sobre a acumulação de massa seca e rendimento de frutos do tomateiro, híbrido Monte Carlo, cultivado em substrato no interior de uma estufa de polietileno. A semeadura foi feita em 09/07/99 e 32 dias após as mudas foram transferidas para sacolas de polietileno com 4,5 L de substrato comercial, na densidade de 3,3 plantas/m². Foi empregada como referência uma solução nutritiva contendo, em mmol/L: 40 de KNO3; 27 de Ca(NO32; 12 de MgSO4, complementada por 1,5 g/L de superfosfato simples, 0,13 ml/L de Fe quelatizado e 0,66 ml/L de uma solução de micronutrientes. O tratamento T3 foi igual à dose de referência e os demais tratamentos foram fixados em doses múltiplas de T3, multiplicando-se as quantidades de todos os nutrientes por 0,25; 0,50; 1,25 e 1,50, para os tratamentos T1, T2, T4 e T5, respectivamente. Em cada tratamento, o volume de 1 L de solução foi aplicado para cada planta em intervalos semanais, por fertirrigação. Determinou-se o acúmulo de massa seca aos 138 dias após a semeadura e a produtividade de frutos maduros ao final do ciclo da cultura. A resposta da acumulação de massa seca total da parte aérea e de frutos se ajustou a uma equação linear, enquanto a massa seca vegetativa, o índice de área foliar e a produtividade se ajustaram a um modelo quadrático. A concentração de 101,5 mmolN/L, com a devida proporção entre os demais nutrientes, foi estimada como aquela a ser empregada para atingir a produtividade máxima de frutos dessa cultura cultivada em substratos.We evaluated the effect of five doses of nutrient solution on dry matter accumulation and fruit yield of tomato plants, hybrid Monte Carlo, grown in substrate inside a polyethylene greenhouse. Sowing was done on August 9th, 1999, and 32 days later plants were transferred to bags with 4.5 L of a commercial substrate, at a plant density of 3.3 plants/m².As reference we used a nutrient

  14. Biossólido como substrato para produção de mudas de Toona ciliata var. australis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Vinicius Winckler Caldeira

    2012-12-01

    Full Text Available O êxito de plantios florestais não está ligado unicamente à espécie utilizada, mas depende diretamente do tipo de recipiente, da qualidade das sementes e do substrato utilizado. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do biossólido como substrato na produção de mudas de cedro-australiano (Toona ciliata. O experimento foi realizado em casa de sombra do Viveiro Florestal/CCA/UFES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, sendo constituído de seis tratamentos contendo biossólido, em proporções decrescentes, associado com terra de subsolo e dois tratamentos sem o uso de biossólido (esterco bovino + terra de subsolo e substrato comercial, respectivamente, com oito repetições. No geral, os melhores resultados para as características morfológicas analisadas foram obtidos com a utilização de 100 a 70% de biossólido na composição do substrato. Portanto, o biossólido pode ser considerado adequado para o crescimento de mudas de Toona ciliata o que demonstra uma alternativa viável de disposição final desse resíduo.

  15. Produção de mudas de dois genótipos de alecrim-de-tabuleiro (Lippia gracilis Schauer em função de fertilizante mineral, calcário, substratos e recipientes Seedling production of two "alecrim-de-tabuleiro" (Lippia gracilis Schauer genotypes under mineral fertilizer, limestone, substrates and containers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C.L Oliveira

    2011-01-01

    Full Text Available Lippia gracilis Schauer popularmente conhecida como alecrim-de-tabuleiro possui moderada atividade antibacteriana, antimicrobiana e antiséptica. Objetivando avaliar o efeito de doses de fertilizante mineral, calcário, substratos e recipientes na produção de mudas de dois genótipos de alecrim-de-tabuleiro realizou-se experimentos com estacas de dois genótipos de L. gracilis. No experimento 1, foram utilizadas estacas apicais distribuídas em bandejas de poliestireno expandido de 128 células com o substrato pó-de-coco + areia (1:1, três repetições e oito estacas por repetição. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 4x2x2, sendo quatro doses do fertilizante (6-24-12+micronutrientes (1, 2, 3 e 4 g L-1, duas doses de calcário (0 e 1 g L-1 e dois genótipos (LGRA106 e LGRA201. Aos 35 após plantio, foram avaliadas a sobrevivência (%, enraizamento (%, comprimento de raiz (cm e massa seca de raiz (mg. No experimento 2, foram utilizadas três repetições com oito estacas por repetição. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas onde foram testados nas parcelas dois recipientes (bandeja de poliestireno expandido de 128 alvéolos e tubetes de 110 cm³, na sub parcela foram testadas as combinações de quatro substratos (PC - pó de coco; PCA (1:1 - pó de coco + areia (1:1; PCA (2:1 - pó de coco + areia (2:1 e PCA (3:1 - pó de coco + areia (3:1 e dois genótipos (LGRA106 e LGRA201. Aos 35 dias após o plantio foram analisadas as mesmas variáveis do experimento 1, além de altura de parte aérea (cm e massa seca de parte aérea (mg. A utilização de 1 g L-1 do fertilizante na ausência de calcário foi efetivo para sobrevivência de plantas e enraizamento de estacas de alecrim-de-tabuleiro. Com base nesses experimentos, concluiu-se que o genótipo LGRA106 é superior ao LGRA201 nas variáveis analisadas e recomenda-se a bandeja de poliestireno expandido para

  16. Crescimento, desenvolvimento e produtividade do tomateiro cultivado em substrato com três concentrações de nitrogênio na solução nutritiva Growth, development and yield of tomato plants grown in substrate under three nitrogen concentrations of the nutrient solution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo Luiz Andriolo

    2004-10-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito de três concentrações de N da solução nutritiva sobre o crescimento e produtividade do tomateiro cultivado em substrato, no outono e na primavera. Os experimentos foram conduzidos no interior de um túnel alto de polietileno, no Departamento de Fitotecnia da UFSM, empregando-se o híbrido Monte Carlo. As semeaduras foram feitas em 8 de fevereiro e 5 de julho de 2002 e o plantio no interior do túnel aos 36 e 40 dias após a semeadura, no outono e na primavera, respectivamente. Foi empregada uma sacola para cada planta, contendo 5,5dm³ de substrato comercial (Plantmax®, com uma planta por sacola e densidade de 3,3 plantas m-2. Os nutrientes foram fornecidos através de uma solução nutritiva contendo, em mmol L-1: 5,5 de KNO3; 1,3 de KH2PO4; 2,75 de Ca(NO32; 0,75 de MgSO4, com adição de ferro quelatizado e micronutrientes. O tratamento T2 foi igual a solução de referência, com 11,0 mmolN L-1. No tratamento T1, a concentração de nitrogênio da solução nutritiva foi reduzida para 5,5mmolN L-1, enquanto em T3 foi aumentada para 15,16mmolN L-1. O delineamento experimental empregado foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições e 15 plantas por parcela. Foi feita análise do crescimento e desenvolvimento mediante coleta de plantas aos 33, 48, 55, 62, 69, 76 e 83 dias após o plantio (DAP, no outono, e aos 55, 62, 69, 78, 85 e 92 DAP, na primavera. A produtividade foi medida através da massa verde de frutos. O número de folhas foi inferior nas plantas de T3, no outono e na primavera, enquanto o número de frutos foi mais elevado nas plantas de T1 no cultivo de primavera. A massa seca de frutos no outono evoluiu sem diferenças significativas entre os três tratamentos. Na primavera, essa variável foi inferior nas plantas de T3 ao final do experimento. A produtividade de frutos atingiu valores médios de 5,4; 5,5 e 5,2kg m-2 no outono e de 6,7; 7,7 e 5,8kg m-2 na primavera, respectivamente para T1, T2

  17. Sweet pepper production in substrate in response to salinity, nutrient solution management and training system Produção de pimentão cultivado em substrato em resposta à salinidade, manejo da solução nutritiva e sistema de condução

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José S Rubio

    2011-09-01

    Full Text Available The objective of the present study was to evaluate the marketable fruit yield of sweet pepper plants (Capsicum annuum cv. Orlando in function of the management of nutrient solution with training system. Plants were grown on coconut coir dust under greenhouse conditions in the southeast of Spain. A randomized block design in split-split plot with four blocks was used to test the effect of the nutrient solution strength (full or half-strength Hoagland nutrient solution, training system (two and three stems per plant and water salinity (saline and non-saline on total and marketable yield, fruit quality, and fruit mineral concentration. Salt treatment decreased fruit yield by decreasing the fruit fresh weight but not the number of fruits per plant. Under saline and non-saline conditions, the higher yield of fruits was obtained in plants watered with half-strength Hoagland solution, and grown with three stems per plant. Blossom end rot incidence increased under saline conditions or using full-strength Hoagland solution, but decreased with the combination of half-strength Hoagland solution and three-stem training system. Salt treatment also decreased fruit quality in all the treatments due to a decrease in PO2-, SO4(2-, Fe2+;3+, Cu1+;2+ and Mn2+ concentrations, and fruit shape index. Likewise, plants exposed to salinity and watered with half-strength Hoagland solution and trained with three stems showed a reduction in juice glucose and fructose concentration. Based on these results, an increase of the marketable fruit yield could be obtained under non or moderate saline conditions with the implementation of suitable culture practices.Este experimento teve como objetivo avaliar a produção comercial de pimentão doce (Capsicum annuum cv. Orlando em função do manejo da solução nutritiva, da salinidade e do sistema de condução. As plantas de pimentão doce foram cultivadas em substrato de fibra de coco em casa de vegetação no sudeste da Espanha

  18. Acumulação de matéria seca do tomateiro cultivado em substrato com diferentes doses de fertilizantes Dry matter accumulation of tomato plants grown in substrate under different fertilizer doses

    National Research Council Canada - National Science Library

    Roberto André Grave; Jerônimo Luiz Andriolo; Hardi René Bartz

    2001-01-01

    ... híbridos Diva, Monte Carlo e Saladette, respectivamente. Foi utilizada como referência uma dose semanal com as seguintes quantidades de fertilizantes, em g por planta: 4 de KNO3; 6,3 de Ca(NO3)2...

  19. Tipos de estacas e substratos na propagação vegetativa da menta (Mentha arvensis L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.T.R Amaro

    2013-01-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar a propagação vegetativa da menta utilizando diferentes tipos de estacas e substratos. O experimento foi conduzido no Horto de Plantas Medicinais da Unimontes, campus Janaúba - MG. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 4 (dois tipos de estacas e quatro diferentes substratos com quatro repetições, sendo cada parcela representada por seis estacas. Foram analisadas as variáveis comprimento de parte aérea e de raízes, massa seca de parte aérea e de raízes e número total de brotações formadas por planta. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade. A interação entre os fatores estacas e substratos não foi significativa para as variáveis estudadas, passando-se a estudar o efeito isolado de cada fator. A propagação de Mentha arvensis L. pode ser realizada tanto por estacas apicais como medianas, utilizando o substrato solo + areia + esterco bovino (2:1:1 para a produção de mudas de qualidade.

  20. Estudo da interação de nanotubos de carbono com substrato de quartzo cristalino.

    OpenAIRE

    Jaqueline dos Santos Soares

    2011-01-01

    Os nanotubos de carbono parede única (SWNTs) são estruturas quasi-unidimensional que podem ser descritos como uma folha de grafeno enrolada na forma de um cilindro. Devido à sua relação de aspecto entre volume e superfície, SWNTs são fortemente afetados por mudanças ambientais. O contato com o substrato modifica as propriedades do nanotubo de carbono, e tais interações estão sendo estudadas tanto como um problema ou uma solução para o desenvolvimento da nanotecnologia baseada em nanotubo. Pes...

  1. Telas de Sombreamento e Substratos na Produção de Mudas de Dipteryx alata Vog.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    Full Text Available RESUMOEste trabalho avaliou tecnologias de ambientes protegidos e substratos para a produção de mudas de Dipteryx alataVog. Foram utilizados dois ambientes protegidos: telado agrícola, fechamento em 90° graus, com tela preta nas laterais e aluminizada na cobertura, ambas de 50% de sombreamento; telado agrícola, fechamento em 45° graus, com tela preta nas laterais e cobertura, de 50% de sombreamento. Em cada ambiente foram testados substratos de mistura de esterco bovino (E e vermiculita (V: 100% E + 0% V; 90% E + 10% V; 80% E + 20% V; 70% E + 30% V; 60% E + 40% V; 50% E + 50% V; 40% E + 60% V; 30% E + 70% V; 20% E + 80% V; 10% E + 90% V. O telado preto propiciou mudas de melhor qualidade e os substratos com baixas porcentagens de esterco (10, 20 e 30% são os mais propícios para a formação de mudas de Dipteryx alataVog.

  2. Tensile bond strength of self-etching versus total-etching adhesive systems under different dentinal substrate conditions Resistência de união à tração de sistemas adesivos autocondicionantes versus de condicionamento total, em diferentes condições de substrato dentinário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Henrique Susin

    2007-03-01

    resistência de união à tração (TBS em uma MTS 810. As médias foram submetidas à ANOVA a dois critérios e ao teste de Tukey (p = 0,05. A dentina úmida apresentou os maiores valores de TBS para os sistemas adesivos SB e CSEB. A dentina seca e a reidratada apresentaram TBS significativamente menor quando foi empregado SB. OUBF não apresentou resultados influenciados pela condição do substrato dentinário, tendo produzido TBS similares para os diferentes tratamentos de superfície.

  3. Efeito de diferentes substratos na germinação de genótipos de girassol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Farias Silva

    2014-10-01

    Full Text Available Reutilizar resíduos provenientes de agroindústrias como substrato é uma alternativa que beneficia o meio ambiente e ao produtor. Nesse contexto, pesquisa foi realizada na Universidade Federal de Campina Grande/PB, objetivando-se avaliar o efeito de diferentes substratos provenientes de resíduos agroindustriais na germinação de genótipos de girassol. Foram avaliados a porcentagem de germinação (PG, o índice de velocidade de germinação (IVG, a velocidade média (Vm e o tempo médio (Tm de germinação de cada variedade de girassol estudada nos diferentes substratos utilizados. O delineamento foi o de bloco ao acaso e as análises foram realizadas, pelo programa computacional Sistema para Análise de Variância - SISVAR.Em relação ao substrato a porcentagem de germinação variou de 48,17 % a 65,47 %. O Helio 253 com menor valor de IVG (1,41, enquanto que o Olisum 3 com maior valor (4,80 seguido pelos genótipos AG 262 (4,43 e Embrapa 122- v2000 (3,26.  O tempo médio (Tm de germinação variou de 8,0 a 8,92. Os substratos considerados mais adequados para a germinação de todos os genótipos foram a areia, fibra de coco e a composição fibra de coco + areia.

  4. Avaliação in vitro de restaurações indiretas de composito em dentes deciduos : estudo do tratamento do substrato e agentes de fixação

    OpenAIRE

    Ana Flavia Sanches Borges

    2005-01-01

    Resumo: As restaurações indiretas de compósito são uma das alternativas na clínica odontopediátrica, pois, proporcionam a redução da duração da sessão clínica, além da possibilidade da diminuição da contração de polimerização inerente ao pequeno volume do agente de fixação resinoso. Em casos de dentes tratados endodonticamente, o desempenho das restaurações ?adesivas? não se encontra bem estabelecido, e estas são de extrema importância uma vez que a falha nas restaurações das coroas de dentes...

  5. Análise do revestimento em aço inoxidável duplex AF 2209 depositado via aspersão térmica chama arame com e sem substrato pré-aquecido

    OpenAIRE

    Silva,Valdir Celestino da

    2016-01-01

    Orientador: Prof. Dr. Ramón Sigifredo Cortés Paredes Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais - PIPE. Defesa: Curitiba, 08/07/2016 Inclui referências : f. 117-120 Resumo: Os processos de aspersão térmica são utilizados na obtenção de revestimentos com objetivos diversos, dentre estes a redução ao desgaste, prevenção à corrosão do ambiente de serviço ou reparo de superfícies. A deposição do...

  6. Análise da dieta das larvas de 4º estádio de Cricotopus sp. (Diptera: Chironomidae, em diferentes substratos artificiais e fases hídricas, no trecho superior do rio Paraná - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i4.3522 Diet analysis of Cricotopus sp. larvae (Diptera: Chironomidae, fourth stage, in different artificial substrates and hydrological phases, in the upper Paraná river - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i4.3522

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Michiyo Takeda

    2009-08-01

    Full Text Available No Brasil, estudos sobre hábitos alimentares das larvas de Chironomidae ainda são escassos e estas informações são importantes para entender a estrutura trófica e a organização dos ecossistemas aquáticos. Neste estudo, teve-se como objetivo identificar os principais itens alimentares ingeridos por Cricotopus sp. e comparar as possíveis diferenças na dieta das larvas em diferentes substratos artificiais e fases hídricas. Foram utilizados quatro tipos de substratos artificiais: madeira em forma de X (MADX, placas de nitacetal em forma de X (NITX, PVC em forma de tubo (PVCT e metal galvanizado em forma de tubo (METT, cada um com três réplicas. As coletas foram realizadas quinzenalmente, entre os meses de agosto de 2004 e dezembro de 2005. A dieta de Cricotopus sp. foi constituída por detritos, algas e hifas de fungos. Detrito foi o principal item alimentar, com valores superiores a 50% do total consumido. Os resultados indicaram que Cricotopus sp. é uma espécie coletora e, independentemente do substrato, as larvas alimentam-se dos recursos disponíveis no ambiente. Entretanto, mudanças no regime hidrológico do rio Paraná podem influenciar a disponibilidade de alimento, principalmente algumas diatomaceas como Melosira sp., consumidas em maior quantidade apenas na fase de águas baixasIn Brazil, studies on the diet of Chironomidae larvae are still scarce and these data are important to understand the trophic structure and organization of aquatic ecosystems. In this study, we identified the main food items consumed by Cricotopus sp. and compared possible differences in the larval diet at different artificial substrates and hydrological phases. We used four types of artificial substrates: X-shaped wood (MADX; X-shaped nitacetal plates (NITX; tube-shaped PVC (PVCT and tube-shaped galvanized metal (METT, each with three replicates. Samplings were undertaken fortnightly, between August 2004 and December 2005. Cricotopus sp. diet was

  7. Avaliação dos mecanismos de aderência entre argamassa colante e substrato não poroso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Pereira

    Full Text Available A resistência de aderência de um sistema de revestimento cerâmico é uma das mais importantes propriedades deste tipo de acabamento. O conhecimento das propriedades dos substratos e argamassas, e a capacidade de bem avaliar a interação entre os elementos são preceitos básicos para construírem-se revestimentos duráveis. Nesse sentido, o aperfeiçoamento dos modelos que descrevem os mecanismos de aderência, objetos de estudo deste trabalho, são essenciais, principalmente devido a diferenças nas características dos materiais relativas à porosidade, verificadas tanto em substratos como nas placas. O planejamento experimental consistiu no assentamento de um revestimento cerâmico externo utilizando-se a técnica de piso sobre piso, ensaios de resistência de aderência, aquisição de imagens em MEV dos pisos retirados do campo de testes e caracterização das argamassas colantes de estudo. Os resultados mostraram uma relação entre a resistência de aderência e a extensão de contato entre a argamassa e o substrato, indicando que o mecanismo de aderência para o assentamento de placas sobre substratos não porosos está diretamente relacionado com a extensão do contato entre os materiais, resultando em um modelo de aderência para o caso de revestimento cerâmico em substrato pouco poroso.

  8. Interação entre substratos e fertirrigação na germinação e na produção de mudas de Tagetes patula L. (Compositae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taís Tostes Graziano

    1995-05-01

    Full Text Available Foram observados os efeitos de substratos e da fertirrigação na germinação e no desenvolvimento de mudas de Tagetes patula L., em condições de estufa, na FCAV-UNESP, Jaboticabal, SP. Foram utilizados quatro substratos: casca de arroz carbonizada (CAC, duas misturas comerciais (MCI e MC2 e uma mistura de casca de amendoim, obtida por compostagem natural, vermiculita e pó-de-xaxim (AVX, na proporção de 6:1:1. caracterizados química e fisicamente. Os tratamentos de substratos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido (isopor, com 128 alvéolos, subdivididas em quatro parcelas e com cinco repetições, num delineamento inteiramente casualizado, em fatorial 4x2. Diariamente, adicionava-se às bandejas seis litros de água comum e, nos tratamentos com fertirrigação, às segundas e às sextas-feiras, três litros da solução de fosfato monoamônico (1 g/L. As bandejas foram mantidas em canteiros suspensos a l,20 m do solo. Observou-se que: 1 a velocidade de emergência das sementes é maior no substrato AVX e que a fertirrigação contribui para isto; 2 quanto ao desenvolvimento das mudas, a interação significativa entre substratos e fertirrigação indica que nem todos os substratos comportam-se da mesma forma: MC2 foi superior, quase igualando-se à condição com fertirrigação, na produção de matéria seca, correspondendo a mudas mais altas, com maior número de folhas e desenvolvimento mais rápido e em maior número de botões florais, favorecendo a floração.

  9. Utilização de substrato composto por resíduos da agroindústria canavieira para produção de mudas de maracujazeiro-amarelo Use of substrate consisting of industrial sugarcane plant residues for production of yellow passion fruit seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Lopes Serrano

    2006-12-01

    Full Text Available Um substrato composto por resíduos da agroindústria canavieira vem sendo utilizado com êxito para a produção de mudas de algumas espécies frutíferas e florestais. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o uso deste substrato comparando-o com outros recomendados para a produção de mudas de maracujazeiro-amarelo. Foram avaliados sete substratos: 1- Bagaço de cana + torta de filtro (3:2; v:v; 2- Bagaço de cana + torta de filtro (3:2; v:v + pulverização foliar semanal com NPK; 3- Bagaço de cana + torta de filtro (3:2; v:v + 7,3 kg m-3 de Osmocote® (14-14-14; 4- Plantmax®; 5- Plantmax® + pulverização foliar semanal com NPK; 6- Plantmax® + 7,3 kg m-3 Osmocote® (14-14-14, e 7- Areia + esterco bovino + vermiculita (1:1:1; v:v:v + NPK. De modo geral, as mudas cultivadas no substrato composto por resíduos da agroindústria canavieira e no substrato comercial, ambos fertilizados com adubo de liberação lenta, foram as que apresentaram melhor estado nutricional, comprovado pelos teores de nutrientes associados ao ótimo crescimento. Portanto, o substrato composto pela mistura bagaço de cana e torta de filtro (3:2; v:v fertilizado com 7,3 kg m-3 de Osmocote® (14-14-14 pode ser utilizado para a produção de mudas de maracujazeiro-amarelo.A substrate consisting of industrial sugarcane plant residues has been used with success to the production of some fruitful and forest species seedlings. Then, the objective of this research was to evaluate the use of that substrate, comparing it with other substrates recommended to the production of yellow passion fruit seedlings. It was evaluated seven substrates: 1- Sugarcane bagasse + industrial sugarcane plant residues (3:2; v:v; 2- Sugarcane bagasse + industrial sugarcane plant residues (3:2; v:v + NPK foliate spray weekly; 3- Sugarcane bagasse + industrial sugarcane plant residues (3:2; v:v + 7.3 kg m-3 of Osmocote® (14-14-14; 4- Plantmax®; 5- Plantmax® + NPK foliate spray weekly; 6

  10. Coffee residues as substrates for aroma production by Ceratocystis fimbriata in solid state fermentation Produção de aromas por Ceratocystis fimbriata em fermentaç��o no estado sólido utilizando resíduos da agroindústria do café como substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Bianchi Pedroni Medeiros

    2003-07-01

    Full Text Available The ability of two different strains of Ceratocystis fimbriata for fruity aroma production by solid state fermentation (SSF was tested on coffee pulp and coffee husk complemented with glucose as substrates. Experiments were carried out in 250 mL Erlenmeyer flasks and the experimental conditions were: 70% of initial moisture, 20% of glucose addition and pH 6.0. Aeration was made by passive diffusion through the gauze covering the flasks. Headspace analysis of the culture by gas chromatography (GC showed that 12 compounds were produced with coffee husk. Maximum total volatiles (TV concentration was reached after 72 h of culture with coffee husk as substrate (28 µmol.L-1.g-1. Ethyl acetate, ethanol and acetaldehyde were the major compounds produced, representing 84.7%, 7.6% and 2.0% of TV, respectively. A pre-treatment with heat (100ºC/ 40 min of substrates did not improve TV production. Respirometry analysis was used to determine the growth of the culture by measuring carbon dioxide produced. Results showed that the CO2 production follows the aroma production. This result shows the great potential for the use coffee pulp and coffee husk as substrates to microbial aroma production by solid state fermentation.Neste trabalho duas diferentes cepas de Ceratocystis fimbriata foram testadas para a produção de aromas frutais em fermentação no estado sólido (FES utilizando como substratos casca e polpa de café, suplementados com glicose. Os experimentos foram realizados em frascos Erlenmeyer de 250 mL. As condições experimentais foram: umidade inicial de 70%, adição de 20% de glicose e pH 6,0. Os frascos foram cobertos com gaze e a aeração ocorreu por difusão passiva. A análise do "headspace"da cultura foi feita por cromatografia gasosa e 12 compostos foram detectados utilizando a casca de café. A análise respirométrica foi realizada para o acompanhamento do crescimento do microrganismo pela determinação do dióxido de carbono

  11. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola

    OpenAIRE

    Carrijo,Osmar Alves; Liz,Ronaldo Setti de; Makishima,Nozomu

    2002-01-01

    A produção comercial de mudas e o cultivo sem solo de hortaliças estão se tornando práticas comuns entre os olericultores. Vários materiais orgânicos como as turfas, resíduos de madeira, casca de pinus e de arroz parcialmente carbonizada ou não, ou materiais inorgânicos como areia, rochas vulcânicas, perlita, lã de rocha e a espuma fenólica já são utilizados como substratos, isoladamente ou em composição. A casca de coco verde que em muitas regiões causa transtorno ao serviço de limpeza públi...

  12. Fontes e proporção de material orgânico para a produção de mudas de cafeeiro em tubetes Sources and proportions of organic components for production of coffee tree seedling (Coffea arabica L. in small plastic containers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Dias

    2009-06-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar a qualidade das mudas de cafeeiro (Coffea arabica L. produzidas em tubetes com substrato artificial suplementado com fontes de material orgânico em diferentes proporções. O experimento foi conduzido sob delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 3 x 6, com quatro repetições em parcelas formadas por seis tubetes. O primeiro fator correspondeu às fontes de material orgânico (esterco bovino, húmus de minhoca e cama de peru e o segundo, suas proporções (0, 20, 40, 60, 80 e 100% no substrato artificial (BioPlant-café fertilizado com osmocote® (NPK 15-09-12. As características avaliadas foram: altura da muda, diâmetro de caule, número de pares de folhas, área foliar e massa seca da parte aérea e do sistema radicular. Pode-se concluir que o húmus de minhoca adicionado ao substrato artificial na proporção de 80% ou em uso exclusivo (100% aumentou a área foliar das mudas de cafeeiro e, como conseqüência proporcionou um maior acúmulo de massa seca da parte aérea. O uso de esterco bovino (acima de 30% e a cama de peru não alterou ou reduziu as características vegetativas das mudas de cafeeiro (altura da muda, diâmetro de caule, número de pares de folhas e área foliar e diminuiu o acúmulo de massa seca.This work aimed to evaluate the quality of coffee seedlings (Coffea arabica L. produced in small plastic containers with artificial substrate supplemented with sources of organic components in different proportions. The experiment was carried out using the randomized block design, in a 3 x 6 factorial structure, with four replications in plots composed of small plastic containers. The first factor corresponded to the sources (cattle manure, earthworm casting, and turkey manure and the second to the proportions (0, 20, 40, 60, 80, and 100% in the artificial substrate (BioPlant-café® fertilized with osmocote® (NPK 15-09-12. The characteristics evaluated were

  13. Unidades del paisaje de Puerto Rico: la influencia del clima, el substrato y la topografia

    Science.gov (United States)

    William Gould; Michael E. Jimenez; Gary Potts; Maya Quinones; Sebastian Martinuzzi

    2008-01-01

    El mapa de unidades del paisaje de Puerto Rico representa variaciones climaticas, topograficas y del substrato mediante la integracion de seis zonas climaticas (Ewel y Whitmore, 1973), seis substratos (Bawiec, 2001; USGS, 2005), cinco posiciones topograficas, o topoformas (Martinuzzi et al. 2007), y cuerpos de agua (USGS 2005). Los substratos representan el conjunto...

  14. Lettuce (Lactuca sativa L. seedling production with different sources of phosphate and phosphate solubilizing microorganisms / Produção de mudas de alface (Lactuca sativa L. em presença de diferentes fontes fosfatadas e microrganismos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Germano Nunes Silva Filho

    2009-10-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the behaviour of phosphate solubilizing microorganisms (fungus: 310A, 061, 062 e 251, bacterias 163, 160 e 161 in promoting nutrition and growth of lettuce(Lactuca sativa L. seedlings cultivated in trays with sterilized substrate fertilized and phosphates source. A randomized completely design was used, with a factorial 4x8 scheme (four treatments with phosphate nutrition and inoculated with eight phosphate solubilizing microorganisms and four replications. Each replication was made of 10 cells. The experiment was evaluated 35 days after planting for dry matter, P percentage and total phosphorus of above ground parts. The triple super phosphate (SFT had better results than the others, including the control treatment, in all analyzed parameters. On the dry matter production, it was observed negative effect from inoculation in five treatments fertilized with SFT. There was no effect of isolates on the phosphorus content values. In the values of total phosphorus, the isolates 061, 062 e 163 increased the parameter values on the fertilized treatment with SFT. The natural phosphates presented low efficiency when compared to dissolvable fertilizer on the availability of phosphorus to the plants.O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de microrganismos solubilizadores de fosfatos (fungos: 310A, 061, 062 e 251; bactérias: 163, 160 e 161 na promoção da nutrição e crescimento de mudas de alface (Lactuca sativa L., cultivadas em bandejas com substrato esterilizado e adubadas com fontes fosfatadas. Foi utilizado um delineamento inteiramente casualizado, arranjo fatorial 4 x 8 (quatro tratamentos de adubação fosfatada e oito tratamentos de inoculação microrganismos solubilizadores de fosfatos com quatro repetições por isolado. Cada repetição foi constituída de 10 células. Aos 35 dias de cultivo, as plantas foram colhidas avaliando-se a matéria seca, porcentagem de P e P total da parte a

  15. Diferentes ambientes e substratos na formação de mudas de araticum Different environments and substrata in araticum seedlings formation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tadeu Robson Melo Cavalcante

    2008-03-01

    Full Text Available A baixa sobrevivência de mudas de araticum e a escassez de informações na literatura científica sobre substratos adequados à produção de mudas de araticum (Annona crassiflora Mart. são os fatores motivadores da pesquisa em pauta. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes ambientes e substratos na formação de mudas provenientes de sementes de araticum. As sementes foram tratadas com ácido giberélico (GA3 [250 mgL-1], sendo colocada uma semente por tubete de polipropileno de 280 cm³ a uma profundidade de 2 cm. Os substratos utilizados foram: areia de textura média (S1, substrato comercial composto de cascas processadas e enriquecidas, vermiculita expandida e turfa processada e enriquecida (Plantmax HA (S2, substrato comercial de fibra de coco granulada (Golden mix (S3, areia de textura média + substrato comercial Plantmax HA(1:1; v/v (S4 e areia de textura média + substrato comercial Golden mix (1:1; v/v (S5. O delineamento experimental foi em blocos completos casualizados, com 5 tratamentos e seis repetições. Os experimentos foram montados em dois ambientes: estufa e a pleno sol. A coleta de dados ocorreu durante 215 dias após a semeadura. A taxa de mortalidade foi estatisticamente significativa, sendo que em S1 essa taxa foi, em média, 18% menor em relação aos demais substratos. Porém, a área foliar estimada foi, em média, 0,78 cm².planta, menor. Na estufa, a emergência em S1 não difere dos demais tratamentos, contudo a altura de planta foi, em média, 0,84 cm menor em relação aos demais tratamentos. No quesito sobrevivência, S1 foi o melhor tratamento.Low survival rate of araticum seedlings and scarcity of information in scientific literature on proper substrata to araticum (Annona crassiflora Mart. seedlings production have all been motivating factors to this study. The aim of this paper was to assess the effect of different environments and substrata in the formation of seedlings germinated

  16. Crescimento e percentual de emergência de plântulas de citrumeleiro 'Swingle' em função dos substratos e das doses de corretivo à base de Lithothamnium, após cem dias da semeadura Growth and percentage of emergence of citrumeleiro "Swingle" seedlings in relation to substrates and doses of Lithothamnium based correctives, after a hundred days from 'Swingle'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Octavio de Lima e Costa Araújo

    2007-08-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido no telado do pomar da Universidade Federal de Lavras (UFLA, durante o período de novembro de 2003 a fevereiro de 2004. Realizado com o objetivo de avaliar o efeito de seis diferentes substratos (convencional, Plantmax®, composto I, composto II, vermiculita e húmus, interagindo com três doses do corretivo à base de Lithothamnium, 0 %, 5% e 10% (v/v, sobre o crescimento do citrumeleiro 'Swingle', até o momento da repicagem. Foram utilizados tubetes plásticos cônicos com volume de 75 mL, acondicionados em bandejas com capacidade para 198 tubetes. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados, em esquema fatorial de 6 x 3, sendo os fatores compostos pelos seis diferentes substratos e três diferentes doses do corretivo à base de Lithothamnium, compondo assim, dezoito tratamentos com quatro repetições, sendo cada parcela composta por vinte e duas plântulas. Decorridos cem dias após a semeadura, as plântulas foram retiradas dos tubetes, seccionadas na base do coleto,e registrados os comprimentos da parte aérea e da raiz. Em seguida a biomassa seca da raiz e da parte aérea foram avaliadas. Verificou-se que o húmus e o composto I, isoladamente apresentaram os melhores resultados de crescimento. O corretivo à base de Lithothamnium mostrou ser uma alternativa de incremento nutricional para o crescimento de mudas de citrumeleiro 'Swingle', em condições de pH baixas, e com pouca disponibilidade de Ca e Mg.This experiment was established aiming at evaluating the effect of six different substrates (conventional, Plantmax®, compost I, compost II, vermiculite, and muck, interacting with three different Lithothamnium doses, 0%, 5% and 10% (v/v, over the growth of citrumelo "Swingle" plantlets, until the moment of chiming. The experiment was conducted within the orchard of the Federal University of Lavras, in the state of Minas Gerais, Brazil, during the period of November 2003 until February 2004

  17. Influência de substratos na formação de porta-enxerto de gravioleira (Annona muricata L. Influence of substrates on soursop rootstock production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacson Rondinelli da Silva Negreiros

    2004-06-01

    Full Text Available A utilização de um substrato para cada tipo de planta é um fato importante que determina condições adequadas para a germinação e bom desenvolvimento das mudas. Com o objetivo de avaliar diferentes substratos na formação de porta-enxerto de gravioleira (Annona muricata L., foi conduzido um experimento no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa. As mudas foram formadas em sacolas de polietileno, com delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro tratamentos, cinco repetições e cinco plantas por parcela. Os tratamentos correspondem aos substratos: Plantmax®; Substrato-A (esterco de curral, solo, areia e vermiculita na proporção de 2:1:1:1 v/v; Substrato-B (Plantmax®; solo, areia e vermiculita - 1:1:1:1 v/v e Substrato-C (Plantmax®, esterco de curral, solo e areia - 1:1:1:1 v/v. Pelos resultados obtidos, verificou-se que, nas condições em que foi desenvolvido este trabalho, o substrato A contendo esterco de curral, solo, areia e vermiculita na proporção de 2:1:1:1 v/v e o C contendo Plantmax®, esterco de curral, solo e areia - 1:1:1:1 v/v são adequados para a formação de mudas de gravioleira.The use of adequate substratum is an important factor to proportion appropriate conditions for germination and good development of seedlings. With the objective of evaluating different substrata for soursop rootstock (Annona muricata L. production, an experiment was done in the Department of Phytotecny of the Federal University of Viçosa, in Viçosa, Minas Gerais, Brazil. The substrate were conditioned in polyethylene bags, in which de seeds were sown. A randomized block experimental design entirely with four treatments, five repetitions and five plants for portion were applied. The evaluated substrate were Plantmax; Substratum-A (bovine manure, soil, sand and vermiculite in the proportion of 2:1:1:1 v/v; Substratum-B (Plantmax, soil, sand and vermiculite - 1:1:1:1 v/v and Substratum-C (Plantmax

  18. Desenvolvimento micelial de Lentinula edodes como efeito da profundidade e suplementação do substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossi Ivan Henrique

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar a velocidade do desenvolvimento micelial de Lentinula edodes (Berk. Pegler, o cogumelo Shiitake, como efeito da profundidade e da suplementação do substrato à base de bagaço de cana, com diferentes quantidades de farelo de arroz e melaço de cana. Foi instalado um experimento em esquema fatorial 7 x 2 (sete níveis de farelo ou melaço x duas fases de crescimento, utilizando frascos de vidro autoclaváveis para contenção dos substratos. As proporções de farelo de arroz testadas foram: 0, 10, 15, 20, 25, 30 e 40% (peso seco/peso seco de bagaço; as concentrações de melaço de cana foram: 0, 10, 20, 30, 40, 50 e 60 g/kg de substrato. Fitas de papel milimetrado aderidas externamente ao frasco serviram para medir o desenvolvimento do micélio. Para diferenciação das velocidades em função da profundidade, dividiu-se o crescimento em duas fases: inicial (metade superior do frasco e final (metade inferior. A velocidade de miceliação na fase inicial foi sempre superior à da fase final, independentemente da quantidade de suplemento. Altas proporções de farelo diminuíram a velocidade de miceliação, principalmente na fase final, e o melaço de cana não influiu na rapidez do crescimento.

  19. Recipientes e substratos na produção de mudas de Maytenus ilicifolia e Apuleia leiocarpa

    OpenAIRE

    Nicoloso,Fernando Teixeira; Fortunato,Roni Paulo; Zanchetti,Flavio; Casso,Luciano Fábio; Eisinger,Sonia Maria

    2000-01-01

    A cancorosa (Maytenus ilicifolia Martius ex Reissek) e a grápia (Apuleia leiocarpa (Vogel) Macbride) encontram-se em processo de dizimação devido à exploração excessiva dos recursos naturais e, portanto, estudos relacionados aos métodos de propagação dessas espécies são relevantes. O objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes recipientes e o tipos de substrato de cultivo na produção de mudas de cancorosa e grápia. Os tratamentos consistiram de uma combinação bifatorial (7x3), representado...

  20. Temperaturas e substratos para germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea Mart Temperatures and substrates for germination and vigor of Euterpe oleracea Mart. Seeds

    OpenAIRE

    Juliana Simões Nobre Gama; Denise Maria de Oliveira Monte; Edna Ursulino Alves; Riselane de Lucena Alcântara Bruno; Joel Martins Braga Júnior

    2010-01-01

    O conhecimento das condições ótimas para a germinação, principalmente da temperatura e do substrato, é de fundamental importância, tendo em vista que estes fatores variam entre sementes de diferentes espécies. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência de diferentes substratos e temperaturas para condução de testes de germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea. A pesquisa foi realizada no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da...

  1. Metodologia para estimar a estabilidade do conjunto muda x substrato de cafeeiro A methodology to evaluate the stability of coffee seedling

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Laércio Favarin

    2008-02-01

    Full Text Available A utilização de substrato em tubetes para a formação de mudas de café aumentou em substituição à mistura de solo argiloso com resíduo orgânico, resistente à deformação da muda no plantio, devido à coesão e aderência às raízes. Por sua vez, o substrato em tubetes esboroa com facilidade, em razão da granulometria do material. Do exposto, avaliou-se uma metodologia para estimar a estabilidade ao manuseio do conjunto muda x substrato, com base na variação granulométrica (G1: 30,86 %; G2: 62,26% e G3: 49,83% de partículas nas peneiras 0,50 a 0,05mm e do volume de material (V1: 50, V2: 120 e V3: 200cm³, em mudas de café Catuaí Vermelho IAC 144 com quatro pares de folhas. A estabilidade do conjunto muda x substrato foi estimada pela quantidade de substrato desagregado e partes de raízes, após submetê-lo a cinco ciclos de 60 segundos de rotação (1.750rpm em mesa vibratória. A estabilidade foi maior nos tubetes de 50 e 120cm³ de substrato. A redução parcial da granulometria (50% substrato na granulometria original e 50% substrato moído aumentou a aderência das partículas às raízes e a estabilidade do conjunto nos recipientes menores.The objectives of this research are the evaluation of substrate volume and granulometer influence - used in production of coffee seedlings in plastic tubes - on coffee plants growth, the time of seedlings development and also seedling-substrate handling stability. The investigation was carried out in a nursery at Coffee Experimental Center of IAC, SP, Brazil, with the cultivar Catuaí Vermelho IAC 144 (Coffea arabica L.. Nine treatments were tested with four replicates and the experimental design used was randomized blocks with 3x3 factorial composed by three substrate volumes (V1: 50, V2: 120 and V3: 200cm³ and three granulometer substrate levels (G1: 30.86%, G2: 62.26% and G3: 49.83% of particles in sieves 0.50 to 0.05mm. The stability of seedlings to handle was evaluated using a

  2. Seleção de substratos padrões para ensaios respirométricos aeróbios com biomassa de sistemas de lodo ativado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heraldo Antunes Silva Filho

    2015-03-01

    Full Text Available Nesta pesquisa investigou-se a influência de diferentes substratos na determinação da taxa específica de consumo de oxigênio de biomassa com cultura mista heterotrófica e autotrófica nitrificante, visando à caracterização do substrato mais adequado no desenvolvimento de ensaios respirométricos aeróbios. Foram utilizadas diferentes biomassas derivadas de quatro variantes de sistemas de lodo ativado. Os grupos heterotróficos e autotróficos nitrificantes foram avaliados em relação à sua velocidade de consumo dos substratos testados, sendo utilizada a técnica da respirometria aeróbia aberta semi-contínua de distintos pulsos, descrita em Van Haandel e Catunda (1982. Um respirometro automático acoplado a um computador foi utilizado em todos os testes respirométricos. Para identificar a taxa de consumo dos organismos heterotróficos, os substratos de fonte de carbono selecionados foram acetato de sódio (C2H3NaO2, acetato de etila (C4H8O2, etanol (C2H6O, glicose (C6H12O6 e fenol (C6H6O. Para o grupo autotrófico nitrificante foram utilizados bicarbonato de amônio (NH4HCO3, cloreto de amônio (NH4Cl e nitrito de sódio (NaNO2. Os resultados referentes ao grupo heterotrófico indicaram significativa diferença da taxa metabólica desses organismos na utilização dos substratos avaliados, exercendo maiores taxas de consumo de oxigênio para o acetato de sódio, enquanto para o grupo nitrificante o bicarbonato de amônio mostrou-se mais adequado. Comparando todos os sistemas estudados, observa-se a mesma tendência de maior biodegradabilidade ou afinidade aos substratos acetato de sódio e bicarbonato de amônio.

  3. SUBSTRATO E VOLUME DE RECIPIENTE NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE JATOBÁ (Hymenaea courbaril L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lamartine Soares Bezerra de Oliveira

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de diferentes formulações de substratos contendo caulim e do volume dos recipientes sobre a produção de mudas de jatobá (Hymenaea courbaril L.. O experimento foi desenvolvido no Viveiro Florestal do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 9 (três volumes de recipientes e nove formulações de substratos, com nove mudas por tratamento. Aos 105 dias após a semeadura, foram avaliados a altura da parte aérea (cm, o diâmetro ao nível do solo (mm, o número de folhas e a massa seca (g da parte aérea e da raiz. As mudas de Hymenaea courbaril apresentaram maior desenvolvimento quando cultivadas em recipientes com volume de 1.660 cm3 contendo substrato composto por 40% de terra de subsolo e 60% de caulim. Palavras-chave: substrato alternativo, resíduo industrial, caulim. SUBSTRATE AND CONTAINER VOLUME ON JATOBÁ (Hymenaea courbaril L. SEEDLINGS PRODUCTION ABSTRACT The aim of this study was to assess the effects of distinct formulations of substrates containing kaolin and container volume on production of jatobá (Hymenaea courbaril L. seedlings. The experiment was conducted at forest nursery of Agricultural Sciences Center in Paraíba Federal University. The experimental design was structured in randomized blocks in a 3 x 9 factorial scheme (three volumes of containers and nine substrate formulations, with nine seedlings per treatment. At 105 days after sowing, were evaluated the shoot height (cm, diameter at ground level (mm, number of leaves and dry mass (g of shoot and root. Hymenaea courbaril seedlings showed better development when grown in containers with volume of 1,660 cm3 and substrate composed by 40% of subsoil and 60% of kaolin. Keywords: alternative substrate, industrial residue, kaolin.DOI: http://dx.doi.org/10.14583/2318-7670.v02n02a07

  4. Lixiviação de nitrato de um substrato minerado tratado com lodo de esgoto doméstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Ávila de Paula

    2011-01-01

    Full Text Available Lodos de esgoto são fontes significativas de N, P, matéria orgânica e outros elementos necessários à nutrição de plantas. A aplicação desses resíduos em solos e substratos é um das mais eficientes maneiras de recuperação de nutrientes. Todavia, os benefícios obtidos com o uso de lodo de esgoto devem ser confrontados com riscos inerentes à sua utilização, tais como a lixiviação excessiva de nitrato, que pode contaminar aquíferos. Normas sanitárias e ambientais impedem o consumo humano de águas com concentrações de nitrato > 10 mg L-1. Dessa forma, este trabalho objetivou mensurar o risco de contaminação de águas subterrâneas por nitrato produzido em substrato exposto pela mineração, que foi tratado com a dose equivalente a 120 t ha-1 de lodo de esgoto, base úmida. O substrato liberou lixiviados com concentrações de até 78 mg L-1 de nitrato, que representam risco de contaminação de águas subterrâneas. Sob as condições testadas neste trabalho, o aquífero subterrâneo deve situar-se a pelo menos 4,5 m de profundidade, para que o lixiviado liberado da camada tratada com lodo de esgoto seja diluído ao longo do perfil de solo a concentrações < 10 mg L-1, caso a área permaneça sem cobertura vegetal. O estabelecimento de uma cobertura herbácea sobre o substrato reduziu em 40% a quantidade de nitrato liberada no lixiviado, permitindo que o aquífero esteja a 2,7 m de profundidade sem que haja aporte excessivo de nitrato proveniente da camada superficial tratada.

  5. Efeitos de diferentes substratos e temperaturas na germinação de sementes de Foeniculum vulgare

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.E. RANZANI

    2016-01-01

    Full Text Available RESUMO O funcho (Foeniculum vulgare é uma espécie medicinal nativa da Europa e amplamente cultivada em todo o Brasil. Possui propriedades carminativas, digestivas e diuréticas. Dada a grande importância dessa espécie no âmbito medicinal, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de diferentes substratos e temperaturas na germinação de sementes de funcho. Os tratamentos foram compostos de duas temperaturas sendo uma constante de 20ºC e outra alternada de 25-30 °C e três diferentes substratos: papel mata borrão (Germitest, areia e vermiculita, em esquema fatorial 3 x 2, com 4 repetições de 25 sementes. Foi avaliado o índice de velocidade de germinação (IVG, porcentagem de germinação (PG, comprimento da radícula (CR, massa fresca (MF e seca (MS de plântulas. A temperatura de 20 ºC proporcionou maiores IVG, porcentagens de germinação, comprimento de radícula e massa seca. A germinação de sementes de funcho não foi influenciada pelos diferentes substratos testados. Pelos resultados, conclui-se que a condição que permitiu maior porcentagem de germinação das sementes de funcho foi a temperatura de 20 °C atingindo 91% de germinação.

  6. Substratos na produção hidropônica de mudas de hortelã Mint seedlings assessment of different substrates in hydroponic cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalva Paulus

    2005-03-01

    Full Text Available O crescimento normal e a formação de plantas com qualidade comercial dependem da produção de boas mudas e para isso, faz-se necessário o uso de um substrato adequado à espécie. A hidroponia mostra-se uma técnica promissora em virtude das vantagens que esse método apresenta: economia de substrato, produção de mudas com alto índice de pegamento e de qualidade. O experimento foi realizado na Universidade Federal de Santa Maria (RS. com objetivo de avaliar o efeito de substratos (sem substrato, substrato espuma fenólica e substrato organo-mineral, para produção de mudas de hortelã (Mentha x villosa em cultivo hidropônico através do método de propagação vegetativa por estaquia. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos e 20 repetições, usando-se uma planta por repetição. As variáveis analisadas foram: número de folhas e altura de planta aos 7; 14; 21 e 28 dias após o transplante, e fitomassa seca e fresca 35 dias após o transplante. O substrato espuma fenólica apresentou os melhores resultados na produção de fitomassa fresca (2,65 g planta-1 e seca (0,23 g planta¹. Para as demais variáveis analisadas os substratos espuma fenólica e organo-mineral não diferiram significativamente entre si, mas foram superiores ao tratamento sem substrato (direto em solução.The normal growth and the formation of plants with quality for commercialization depends on good seedlings production. The right substrate has to be used. Hydroponic cultivation holds certain advantages: saving substrate, resulting in good establishment of the crop and quality of seedlings production. The experiment was carried out at the University of Santa Maria, Rio Grande do Sul State, Brazil. The effect of substrates (without substrate, phenolic foam substrate and organicmineral substrates was determined on the production of mint (Mentha x villosa transplants by cuttings vegetable methods in hydroponics. The experimental

  7. Efeito do substrato e da época de coleta dos ramos no enraizamento de estacas de ameixeira (Prunus salicina Lindl. Effect of substrate and time of cutting collection on rooting of cuttings of plum (Prunus salicina Lindl.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Ferreira Dutra

    1996-12-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado em casa de vegetação do Departamento de Fitotecnia da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, com o objetivo de verificar o efeito de diversos substratos no enraizamento de estacas de ameixeira em diferentes épocas de coleta dos ramos. Foram utilizadas estacas medianas da cultivar Frontier, com comprimento de 15cm e um par de folhas, coletadas nos meses de novembro de 1993, janeiro e março de 1994, obtidas em um pomar comercial com 8 anos de idade. Todas as estacas utilizadas foram tratadas com ácido indolbutirico na concentração de 3000ppm, introduziu-se em torno delem da base das estacas em ácido indolbutirico, na forma de pó e colocou-se em tubetes, acondicionados em bandejas de isopor, contendo diferentes substratos: areia média lavada; vermiculila de grânulos médios; cinza de casca de arroz e serragem de eucalipto, utilizados isolados e em misturas (1: 1v/v. O período de permanência das estacas na casa de vegetação foi de 60 dias. Observou-se maiores índices de enraizamento na coleta dos ramos realizadas em janeiro e março, e que o substrato areia + serragem proporcionou os maiores percentuais de estacas enraizadas com 68,22% e 65,99% nos meses de janeiro e março.This work was carried out in a greenhouse with intermittent mist out at the plant Science Department, Eliseu Maciel Agronomy College of Federal University of Pelotas (Brazil, aiming to evaluate the effect of different substratos and time of cutting on rooting of pium cuttings. Mild cuttings with 15cm length andapair of ieaves of Frontier cultivar were coilected from a commercial orchard eight years old in November 1993, January and March 1994. All cuttings were treated with indolbutiric acid (IBA at 3000ppm concentration introducing about 1.0cm of their basal end in IBA powder and placed in tubes on isopor trays containing different substratos: washed mild sand: vermiculite of medium grains; rice husk ash

  8. Otimização de substrato de cultivo e características morfoanatômicas de Drosera spathulata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Tristão Santini

    2015-07-01

    Full Text Available As Droseraceaeas são uma família de plantas carnívoras, características de solos pobres em nutrientes, úmidos e depauperados, com adaptações que capturam presas, absorvem seus metabólitos e os utilizam em seu crescimento e desenvolvimento. As folhas são revestidas, na face adaxial, por estruturas que produzem uma substância mucilaginosa, composta por enzimas proteolíticas, utilizada para aprisionar e digerir eventuais vítimas. Estas plantas possuem ampla distribuição geográfica, estando representados em quase todas as regiões do mundo. No Brasil são frequentemente encontradas em floriculturas ou feiras apesar de serem exigentes em relação ao substrato. A disponibilidade de nutrientes é considerada, de forma geral, o principal fator abiótico que limita a propagação de plantas carnívoras.  A carência de trabalhos científicos sobre as espécies de plantas carnívoras, associada à dificuldade de adequar o substrato ideal para o seu desenvolvimento e crescimento, são os principais motivos para a realização do presente trabalho. Assim sendo, objetivou-se avaliar as características de crescimento e desenvolvimento, bem como as estruturas morfoanatômicas da espécie Drosera spathulata cultivadas em diferentes substratos. Como resultado, a fibra de coco proporcionou melhor pegamento das plantas, enquanto maior número de folhas foi obtido utilizando-se a Fibra de coco e a mistura entre Fibra de coco (80% e Turfa (20%. As características morfoanatômicas foram parâmetros importantes na classificação da espécie Drosera spathulata.

  9. Brassinosteróide e substratos na aclimatização do abacaxizeiro ‘Imperial’ = Brassinosteroid and substrates in acclimatization of ‘Imperial’ pineapple

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Aragão Catunda

    2008-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de diferentes concentrações de um análogo de brassinosteróide (BIOBRAS – 16 e de dois substratos sobre o crescimento de mudas micropropagadas do abacaxizeiro ‘Imperial’. O experimento foi conduzido em DBC, em esquema fatorial 2 x 5 x 4, no qual foram avaliadas cincoconcentrações do BIOBRAS - 16 (0; 0,1; 0,3; 0,5 e 1 mg L-1, dois tipos de substratos e quatro épocas de amostragem (60, 90, 120 e 150 dias após transplantio. Os substratos utilizados foram o Plantmax® e outro substrato obtido pela compostagem de uma mistura entre o bagaço-de-cana e torta de filtro (BT. As plântulas foram transplantadas para tubetes cônicos em casa-de-vegetação equipada com nebulizadores intermitentes. As plantas cultivadas no substrato BT e pulverizadas com 0,1 mg L-1 do BIOBRAS - 16 apresentaram maior crescimento da parte aérea, com maior número de folhas, diâmetro de roseta, largurade folha, massa fresca e massa seca, aos 150 dias após transplantio. Nas plantas cultivadas no substrato BT as pulverizações com o BIOBRAS-16 a 0,1 mg L-1 proporcionaram acúmulo de matéria seca 2,8 vezes superior ao valor da testemunha cultivada no substrato Plantmax®. A massa fresca e seca de raízes foram superiores no substrato Plantmax® em relação ao BT, nas últimas épocas de amostragem.This work aimed to evaluate the effects of different concentrations of a brassinoesteroid analogue (BIOBRAS-16 and two substrates on the growth of micropropagated seedlings of ‘Imperial’ pineapple. A randomized block design was used in a 2 x 5 x 4 factorial scheme, evaluating five concentrations of BIOBRAS-16 (0; 0.1; 0.3; 0.5and 1 mg L-1, two types of substrates and four sampling periods (60, 90, 120 and 150 day safter planting. The substrates used were Plantmax® and another obtained from a mix of composting sugar-cane bagasse and filter cake (CC. The seedlings were transplanted tosmall conic tubes and

  10. Substratos alternativos na produção de mudas de flamboyant e ipê-mirim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Dutra Massad

    2015-12-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do uso de bagaço de cana, casca de urucum e serragem, em diferentes proporções, na composição de substratos alternativos, constituídos a partir da mistura do substrato comercial Rohrbacher®, para a produção de mudas de flamboyant e ipê-mirim. Foi adotado o delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições, no esquema fatorial (5 x 2, sendo avaliados cinco tipos de substratos e duas espécies. Os substratos avaliados foram: 100% Rohrbacher®; 70% Rohrbacher® + 30% Bagaço de cana; 70% Rohrbacher® + 30% Casca de urucum; 70% Rohrbacher® + 30% Serragem; 50% Rohrbacher® + 16,67% Bagaço de cana + 16,67% Casca de urucum + 16,67% Serragem. Foram avaliados: altura da parte aérea; diâmetro de coleto; massa seca da parte aérea; massa seca da raiz e massa seca total, além das relações H/DC, H/MSPA, MSPA/MSR e Índice de Qualidade de Dickson. Os substratos Rohrbacher®, 70%R+30%CA e 70%R+30%UR promoveram maior ganho em altura nas mudas de flamboyant e ipê-mirim. O substrato Rohrbacher® proporcionou às mudas maior produção de MSR. O flamboyant apresentou valores superiores para H, DC, MSPA, MSR, MST MSPA/MSR e IQD, conferindo um padrão de qualidade de mudas superior ao ipê-mirim.Alternative substrates in the production of seedlings of flamboyant and ipe-mirimAbstract: The study aimed to assess the effect of using sugarcane bagasse, bark and sawdust annatto, in different proportions, the composition of alternative substrates, made from a mixture of commercial substrate Rohrbacher®, to produce flamboyant and seedlings ipe-mirim. The experimental design of randomized blocks was adopted with three replications, in a factorial scheme (5 x 2, being evaluated five types of substrates and two species. The substrates were evaluated: 100% Rohrbacher®; Rohrbacher® 70% + 30% Sugar cane bagasse; Rohrbacher® 70% + 30% annatto bark; Rohrbacher® 70% + 30% sawdust; 50

  11. Forragem de milho hidropônico produzida com diferentes substratos Hydroponic corn forage produced on different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Elivalto Guimarães Campêlo

    2007-04-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi realizada visando avaliar a qualidade do volumoso produzido com a técnica de hidroponia. Como substratos, utilizaram-se casca de arroz e capim-elefante picado cultivado sobre lona plástica, com densidade de 2,5 kg de grãos/m². Os dados foram analisados em delineamento inteiramente casualizado, com sete repetições, representadas por canteiros de 0,5 x 0,5 m de área útil. A fertiirrigação foi usada do 3º ao 14º dia após a semeadura, quando foi realizada a colheita para determinação da produtividade da forragem natural/m², da porcentagem de MS total e dos teores de PB, FDN, FDA e cinzas. Essas características foram determinadas em amostras da forragem completa, do substrato + raízes e em amostras apenas das plantas. O uso de casca de arroz como substrato resultou em maior produção de MS, FDN, FDA e cinzas. O capim-elefante destacou-se pelo maior teor de PB, mesmo que com baixo teor de MS. A PB apresentou relação inversa com MS, FDN, FDA e cinzas.This research was carried out to evaluate the quality of the roughage produced by hydroponics. Rice hulls and chopped elephantgrass were used as substrates for corn cultivation, put on plastic canvas. Corn seeding density was 2.5 kg of seed/m². A randomized experimental design was used, with seven replications. Plot utile area measured 0.5 m x 0.5 m. Fertiirrigation was used from the 3rd to the 14th day after seeding. Harvest occurred at the 14th day and fresh forage productivity was determined. Three types of samples were taken: complete forage (shoot + root + substratum, substratum + roots, and shoot only. The following response variables were determined: DM concentration, CP, NDF, ADF, and ash. The rice hulls substratum resulted in higher DM production, NDF, ADF and ash concentration, while the chopped elephantgrass promoted greater CP concentration, although with low DM concentration. The CP presented inverse relationship with DM concentration and its components

  12. UMEDECIMENTO E SUBSTRATOS PARA GERMINAÇÃO DE SEMENTES DE REPOLHO SUBSTRATES AND MOISTURE LEVELS IN THE GERMINATION OF CABBAGE SEEDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilvaneide Alves de Azeredo

    2009-12-01

    Full Text Available

    A disponibilidade de água para sementes está diretamente relacionada com a sua germinação, uma vez que a hidratação é fator limitante dos processos metabólicos que ocorrem na semente. Assim, em testes realizados em laboratório, o substrato deve estar suficientemente úmido, visando a garantir o crescimento do embrião e a formação da plântula. Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a influência de diferentes teores de água, em diferentes substratos, na germinação de sementes de repolho. As sementes, tratadas com Thiran 0,1%, foram obtidas em casas comerciais localizadas em Jaboticabal (SP. Foram conduzidos testes de germinação nos substratos rolo de papel “germitest”, entre e sobre papel “mata borrão”, umedecidos com teores de água equivalentes a 1,0; 1,5; 2,0; 2,5; 3,0; 3,5; e 4,0 vezes a massa do substrato seco. Para cada tratamento, foram empregadas quatro repetições de 50 sementes, que foram mantidas em germinador, à temperatura alternada de 20-30ºC, sem adição posterior de água ao substrato. As avaliações foram efetuadas aos cinco e dez dias após a instalação do teste. Os resultados obtidos indicaram que os teores de água, na faixa de 1,5 a 2,5 vezes a massa do papel, foram favoráveis à germinação das sementes, principalmente no substrato sobre e entre papel, enquanto os teores de água acima de 3,0 vezes a massa do substrato foram prejudiciais à germinação das sementes de repolho, nos substratos rolo de papel e entre papel.

  13. Diferentes substratos na propagação por estaquia de assa-peixe (Vernoniapolyanthes Less

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A.O. GOMES

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO O presente trabalho teve como objetivo avaliar a propagação vegetativa do assa-peixe Vernonia polyanthes Less utilizando estacas apicais e diferentes substratos. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação com irrigação controlada na Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP campus Botucatu- SP. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos (Solo de textura argilosa; 50% Solo de textura argilosa + 50% Húmus; Solo de textura média; 50% Solo de textura média + 50% Húmus; Solo de textura arenosa; 50% Solo de textura arenosa + 50% Húmus; Húmus e quatro repetições, sendo 10 estacas por repetição. As características avaliadas foram: comprimento da maior raiz, comprimento da parte aérea, número de brotações, porcentagem de enraizamento, volume radicular, nota para qualidade das estacas e massa seca da parte aérea e das raízes. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Scott & Knott a 5% de probabilidade. Para a análise estatística, utilizou-se o programa SISVAR ®. A partir da análise, observou-se efeito altamente significativo dos tratamentos utilizados para todas as variáveis analisadas, com exceção da massa seca da parte aérea, que não apresentou diferença significativa. Para obtenção de melhor enraizamento da espécie em questão, o recomendado é a utilização do substrato: solo de textura argilosa ou média, acrescido de húmus na proporção de 1:1.

  14. Mudanças da fertilidade do solo e crescimento de um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido Changes in soil fertility and growth of an Eucalyptus grandis plantation fertilized with biosolid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. N. Rocha

    2004-08-01

    Full Text Available Antes da recomendação em larga escala de biossólido em plantações florestais, é preciso compreender seus efeitos no solo e na planta. Assim, a fertilidade do solo, o estado nutricional e o crescimento de um povoamento de Eucalyptus grandis fertilizado com biossólido foram avaliados em um experimento na Estação Experimental de Ciências Florestais de Itatinga (SP, ESALQ/USP. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com quatro blocos e nove tratamentos: (1 Testemunha; (2 Adubação mineral; (3 5 t ha-1 de bios. + K; (4 10 t ha-1 de bios. + K; (5 10 t ha-1 de bios.; (6 10 t ha-1 de bios. + K + P; (7 15 t ha-1 de bios. + K; (8 20 t ha-1 de bios. + K, e (9 40 t ha-1 de bios. + K. Foram analisadas quimicamente amostras de solo (camadas de 0-5, 5-10 e 10-20 cm e de folhas. A produção de madeira foi avaliada por meio da colheita e pesagem de árvores. Até 32 meses após a aplicação do biossólido, 36 meses pós-plantio, constataram-se aumentos do pH, dos teores de C orgânico, de P-resina e de Ca trocável nas três camadas, diretamente associados às doses de biossólido aplicadas. Os teores de S-SO4(2- e K trocável diminuíram 13 meses após a aplicação do biossólido e, 19 meses depois, os teores estavam aumentados. O Al trocável diminuiu com o aumento das doses de biossólido, nas três camadas amostradas. A aplicação de biossólido influiu positivamente na nutrição das plantas, proporcionando uma produção de madeira igual à obtida no tratamento que só recebeu adubação mineral (1,5 t ha-1 de calcário dolomítico e, em kg ha-1, 98 de N, 79,5 de P2O5, 165 de K2O, 1,3 de B e 1,2 de Zn, quando a dose de biossólido foi equivalente a 12 t ha-1.Before recommending biosolids at large scale for forest plantations it is necessary to have an ample understanding of its effects on soil and plant. Thus, it was evaluated the soil fertility, nutritional status and growth of a Eucalyptus grandis plantation fertilized

  15. Estaquia de Ginkgo biloba L. utilizando três substratos Ginkgo biloba L. cutting using three substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J Bitencourt

    2010-06-01

    Full Text Available Ginkgo biloba é arbórea, decídua, cuja folhagem se torna amarelada no outono antes da queda das folhas, o que a torna valorizada em jardinagem. A estaquia é um método de propagação vegetativa baseado na capacidade das células em retomarem o processo de divisão celular, formando raízes em estacas destacadas de ramos provenientes de plantas matrizes. O presente trabalho teve como objetivos verificar a influência de diferentes substratos, assim como, a aplicação da auxina sintética o ácido indol butírico (AIB no enraizamento de estacas de Ginkgo biloba. No inverno de 2005, ramos foram coletados e transportados até o Laboratório de Macropropagação, onde foram confeccionadas estacas sem folhas, com 10-12 cm de comprimento. Os tratamentos com regulador vegetal (T foram T1- 0 mg L-1 AIB em solução; T2- 4000 mg L-1 AIB em solução; T3- 8000 mg L-1 AIB em solução; T4- 0 mg kg-1 AIB em talco; T5- 4000 mg kg-1 AIB em talco e T6- 8000 mg kg-1 AIB em talco. Para cada tratamento foram utilizados três diferentes substratos (S, S1- areia, S2- fibra de casca de coco (coxim e S3- casca de arroz carbonizada. Após 120 dias da instalação, foram avaliadas as porcentagens de estacas enraizadas, vivas, com calos e mortas; o número de raízes por estaca e o comprimento das três maiores raízes por estaca. Os melhores resultados no enraizamento foram obtidos com estacas tratadas com 4000 e 8000 mg kg-1 AIB em talco, utilizando o coxim como substrato (45,00 e 46,25% de enraizamento, respectivamente.Ginkgo biloba is an arboreal and deciduous species, the foliage of which becomes yellowish in the autumn, before leaf drop, increasing its value for gardening. Cutting is a method of vegetative propagation based on the capacity of cells to recover the cell division process, originating roots in cuttings detached from branches of stock plants. This study aimed to verify the influence of different substrates, as well as the application of the

  16. Impacto de quatro substratos e parcelamento da fertirrigação na produção de tomate sob cultivo protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Carolina

    2002-01-01

    Full Text Available Analisou-se a produção do tomateiro, híbrido longa vida Carmen, cultivado em quatro substratos, com fertirrigação semanal e duas vezes por semana. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 2 (quatro substratos e duas formas de fertirrigação, em quatro repetições. Os substratos testados foram: S1 = areia fina (0,250 - 0,105 mm; S2 = 1/2 areia fina + 1/2 bagaço de cana-de-açúcar; S3 = 1/2 areia fina + 1/2 casca de amendoim moída (passada em peneira com abertura de 7 x 18 mm e S4 = 1/3 areia fina + 1/3 bagaço de cana-de-açúcar + 1/3 casca de amendoim moída. As fertirrigações avaliadas foram: F1 = fertirrigação realizada uma vez por semana, com aplicação da quantidade total de nutrientes e, F2 = fertirrigação realizada duas vezes por semana, com aplicação da metade da quantidade total de nutrientes, demandada por semana, em cada vez. A quantidade de nutrientes, em mg L-1, fornecida por meio de fertirrigação, foi: 200 de nitrogênio, 60 de fósforo, 350 de potássio, 206 de cálcio, 60 de magnésio, 150 de enxofre, 0,50 de boro, 0,10 de cobre, 2 de ferro, 0,75 de manganês, 0,10 de zinco e 0,01 de molibdênio. A dotação hídrica foi realizada em função dos dados obtidos em um tanque classe A, localizado no centro da casa de vegetação. Avaliou-se a altura das plantas, o número de cachos e de frutos por planta, o peso individual do fruto e a produção por planta. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, ao nível de 5% de probabilidade. Verificou-se que a fertirrigação realizada duas vezes por semana, suprindo a demanda total de nutrientes da semana, resultou em consideráveis melhorias de produção. Os substratos utilizados, com exceção do substrato S2, apresentaram potencial de uso para o cultivo do tomateiro em ambiente protegido.

  17. Superação de dormência e influência da temperatura, substrato e fotoperíodo na germinação de sementes de Erythrina crista-galli L. (FABACEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Moura de Mello

    2016-11-01

    Full Text Available Erythrina crista-galli L. (FABACEAE é uma árvore nativa do Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Argentina. As Regras de Análises de Sementes - RAS não possuem orientações para a realização de testes de germinação para a espécie. O objetivo deste trabalho foi testar o desempenho de tratamentos para a superação de dormência das sementes e recomendar condições adequadas de substrato, temperatura e fotoperíodo para a realização de testes de germinação. O tratamento indicado para a superação da dormência foi a escarificação mecânica e a temperatura ótima para os testes de germinação de 30ºC constantes. Não houve diferença entre tratamentos em relação aos substratos testados nem quanto aos fotoperíodos indicando-se assim o substrato entre papel e com 8h de luz por sua praticidade e economia. Superação de dormência e influência da temperatura, substrato e fotoperíodo na germinação de sementes de Erythrina crista-galli L. (FABACEAE

  18. Umedecimento do substrato na emergência e vigor de plântulas de pupunheira Substrate moisture level effect on seedling emergency and vigor of peach palm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Chalita Martins

    2009-03-01

    Full Text Available A germinação rápida e uniforme das sementes, seguida por pronta emergência das plântulas são características altamente desejáveis na formação de mudas. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito de diferentes níveis de umedecimento do substrato vermiculita sobre a porcentagem de emergência e o vigor de plântulas de pupunheira. O umedecimento da vermiculita com água nas quantidades de 60 a 90 ml/100 g de substrato (de 0,6 a 0,9 x o peso deste em água ou 77,6 a 86,7% da capacidade de retenção do substrato em água, respectivamente resultaram na maior porcentagem de emergência das plântulas. O umedecimento com 90 ml água/100 g de vermiculita resultou em maior velocidade de emergência e vigor de plântulas (comprimento, diâmetro e massa.The rapid and uniform germination of seeds, followed by prompt emergency are highly desirable characteristics for seedlings formation. This research aimed to determine the effect of different level of vermiculite substrate wetting on the emergency percentage and vigor of peach palm seedlings. The wetting of vermiculite with water in quantities from 60 to 90 ml/100 g of substrate (from 0.6 to 0.9 x the weight of water or 77.6 to 86.7% of the retention capacity of the substrate in water, respectively had shown higher emergence percentage of seedlings. The wetting with 90 ml water /100 g of vermiculite resulted in the higher speed of emergency and vigor of seedlings (length, diameter and mass.

  19. Produção de forragem verde hidropônica de milho, utilizando substratos orgânicos e água residuária de bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Antonio Píccolo

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade da forragem verde hidropônica de milho em diferentes substratos orgânicos e em água residuária de bovinos com diferentes concentrações de nitrogênio. O delineamento estatístico foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial (4 x 5 + 4, com três repetições. As soluções nutritivas utilizadas foram: testemunha (solução nutritiva padrão para hidroponia de milho e água residuária de bovinos, com 0, 25, 50, 75 e 100% de nitrogênio, com volume de aplicação de 4 L m-2. Os substratos utilizados foram bagaço de cana-de-açúcar, casca de café, capim elefante cv napier e sem substrato. A densidade de semeio foi de 2,5 kg m-2 de sementes de milho pré-germinadas. A colheita foi realizada 15 dias após a instalação do experimento. Avaliou-se a produção de matéria seca da parte aérea, matéria seca da base (composta por raízes + sementes não germinadas + substrato orgânico e matéria seca da planta toda. A água residuária de bovinos pode ser utilizada em substituição à solução nutritiva padrão, não havendo necessidade de seu enriquecimento com nitrogênio. Houve efeito significativo dos substratos utilizados na produção de matéria seca da forragem, com destaque para os substratos capim napier e bagaço de cana, que promoveram incrementos na produção de matéria seca da parte aérea.

  20. Influência de parâmetros operacionais, fontes protéicas e substratos energéticos sobre o cultivo de Bacillus thuringiensis var. israelensis

    OpenAIRE

    Panarotto, Cíntia

    2006-01-01

    Bacillus thuringiensis var. israelensis é uma bactéria entomopatogênica capaz de sintetizar um cristal protéico composto por endotoxinas. Estas endotoxinas são utilizadas em formulações de biolarvicidas, sendo efetivas contra dípteros que representam um problema para a saúde humana. Neste trabalho, estudou-se a influência de fontes protéicas, de substratos energéticos, da temperatura e do pH sobre o crescimento celular, a esporulação e a expressão de endotoxinas de B. thuringiensis var. israe...

  1. Propagação vegetativa de romã com material vegetal de diferentes origens sob tipos de substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romulo Magno Oliveira de Freitas

    2017-02-01

    Full Text Available Objetivou-se com o presente trabalho verificar a influência de diferentes procedências do material vegetal e substratos na propagação vegetativa de romã (Punica granatum L.. Foi usado o delineamento estatístico inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3, sendo duas origens do material vegetal (Barreiras, CE e Mossoró, RN e três substratos (Tropstrato®, Fibra de coco e Solo, constituindo 6 tratamentos em quatro repetições de cinco estacas. As estacas foram preparadas com o auxilio de uma tesoura de poda, coletadas na posição mediana do ramo, padronizadas para o diâmetro de 2 a 4 mm. Aos 45 dias foram avaliados o número de brotos por estaca, comprimento do maior broto, número de folhas por estacas, comprimento da maior raiz, percentagem de estacas enraizadas, número de raízes por estaca, massa seca da brotação e massa seca do sistema radicular. A propagação por estaquia de romã é influenciada pela origem do material vegetal e o melhor material é de Barreiras, CE. Recomenda-se o substrato Tropstrato® para a produção de mudas de romã por estaquia.Vegetative propagation of pomegranate with vegetal material of different origins under types of substratesAbstract: The objective of this study to investigate the influence of different sources of plant material and substrates in the vegetative propagation of pomegranate (Punica granatum L.. The statistical design was completely randomized in a 2x3 factorial, with two origins of the plant material collected (Barreiras, CE and Mossoró, RN and three substrates (Tropstrato®, Coconut fiber and soil, constituting six treatments and four replications. Each replication consisted of five cuttings. Cuttings were prepared with the aid of a pruning shears collected in the median position of the branch for the standardized diameter of 2 to 4 mm. At 45 days, we assessed the number of shoots per cutting, length of the longest shoot, number of leaves per cutting, length of roots

  2. Substratos na formação de mudas para pessegueiro = Substrates in the peach rootstocks production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Américo Wagner Júnior

    2007-10-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de quatro substratos no crescimento inicial de pessegueiro cv. Campinas 1. O trabalho foi realizado no Departamento de Fitotecnia, da UFV. As sementes após a estratificação foram semeadas em recipiente plástico (2 litros, sendo utilizados como substratos: PlantmaxÒ; PlantmaxÒ + Areia (1:2 v/v; PlantmaxÒ + Latossolo Vermelho (1:2 v/v e PlantmaxÒ + Torta de Filtro de Bagaço de Cana-de-Açúcar (1:1 v/v. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições, considerando-se como unidade experimental, cada cinco recipientes plásticos. Após 120 dias da semeadura, foram analisados ocomprimento total, o da parte aérea e de raiz, diâmetro do caule, massa da matéria da parte aérea e da raiz e número de ramificações primárias dos porta-enxertos de pessegueiro. Concluiu-se que o substrato teve influência na formação de porta-enxertos parapessegueiro, recomendando-se a utilização das misturas PlantmaxÒ + Latossolo Vermelho e PlantmaxÒ + Torta de Filtro de Bagaço de Cana-de-Açúcar.This study aimed to evaluate the effect of four substrates in the peach seedling production, cv. Campinas-1. The study was carried out in the Department of Plant Science, at Viçosa Federal University,state of Minas Gerais (Brazil. After stratification, the seeds were sowed in plastic bags (2 liters, using as substrates: PlantmaxÒ; PlantmaxÒ + Sand (1:2 v/v; PlantmaxÒ + Red Latosol (1:2 v/v and PlantmaxÒ + Filter Cake from Sugar Cane (1:1 v/v. The experimentwas designed in randomized blocks, with four replications, being each five plastic bags considered as pilot. After 120 days of sowing, the total length, height and root length, stem diameter, aerial part and root mass of thendry matter and, the primary ramification numberwere evaluated. The study concluded that the substrate affected the peach rootstocks production, recommending the use of the mixtures Plantmax

  3. Efeito do volume de tubetes e tipo de substratos na qualidade de mudas de Cryptomeria japonica (L.F. D. Don.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Constâncio Bernardo dos Santos

    2009-10-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 A Cryptomeria japonica (L.F. D. Don. é uma espécie de grande potencial para plantios nas regiões altas e frias do Brasil. Destaca-se pelo seu rápido crescimento, boa adaptação ao clima e solo do sul do País, e boa resposta às tecnologias silviculturais, associada à qualidade e diversidade de utilização de sua matéria-prima para fábricas de celulose e papel, chapas, construções de casas, móveis, barcos e navios, entre outras. Neste trabalho, buscou-se avaliar o desenvolvimento das mudas produzidas em diferentes tipos de tubetes e de substratos. Usou-se um experimento bifatorial no delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos em cinco repetições com quarenta mudas por tratamento. Os resultados indicaram que, para a produção de mudas desta espécie, o substrato de solo + vermiculita foi o que apresentou melhor crescimento das plantas, em recipiente de 120 cm3.

  4. Substrato e adubação fosfatada para a produção de mudas clonais de Cacau

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Olimpio de Souza Júnior

    2011-02-01

    Full Text Available Para avaliar o efeito de substratos e da adubação fosfatada sobre a produção de mudas de cacaueiro, bem como definir doses recomendáveis e nível crítico foliar de P, fez-se um experimento fatorial 5 x 5 + 1: cinco substratos (misturas de fibra de coco (FC e Plantmax florestal estaca®, cinco doses de P no plantio (de 0 a 800 mg dm-3 e um tratamento adicional (P aplicado aos 30 dias. As parcelas iniciais e úteis continham, respectivamente, 27 estacas e 12 mudas (uma estaca/muda por tubete. A partir do 62º dia, aplicaram-se adubações semanais com N e K, e aos 120 dias, com P (20 mg dm-3, em todos os tratamentos. Aos 150 dias foram avaliados: diâmetro, altura, área foliar, massa de matéria seca da parte aérea e das raízes (finas e grossas, concentração e conteúdo de nutrientes na planta. A mortalidade das mudas não foi influenciada pelos tratamentos. A adubação com P em cobertura aumentou sua disponibilidade e sua absorção, mas não o crescimento das mudas. As variáveis biométricas e nutricionais responderam aos tratamentos, sendo os melhores resultados obtidos com 30 a 55 % de FC e doses de P entre 136 e 275 mg dm-3. O nível crítico foliar de P foi de 1,75 g kg-1.

  5. Efeito de diferentes substratos sobre o desenvolvimento de mudas de Acacia sp. Effect of different substrates on the development of Acacia sp. seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexson de Mello Cunha

    2006-04-01

    Full Text Available Os biossólidos têm sido estudados como fonte de matéria orgânica na agricultura. Objetivou-se avaliar o desenvolvimento de mudas de Acacia mangium e Acacia auriculiformis em diferentes substratos: a horizonte Bw com areia lavada (1:1, v:v e adubação mineral de 160, 640 e 160 g m-3de N, P2O5 e K2O, respectivamente (HB; b horizonte Bw com areia lavada e esterco bovino (1:1:1, v:v (HBE; c horizonte Bw com areia lavada e lodo de esgoto (1:1:1, v:v (HBL; e d 100% de lodo de esgoto (LE. Aplicou-se 1 kg de CaCO3 p.a. por m³ de substrato. Foram utilizadas sementes inoculadas com rizóbio e não-inoculadas, determinando-se, aos 90 dias após a semeadura, a altura das plantas, o diâmetro do colo e o peso da matéria seca da raiz e da parte aérea, na qual se determinaram N, P, K, Ca e Mg. O delineamento estatístico foi inteiramente casualizado, no esquema fatorial 2 x 4 (com ou sem inoculação x 4 substratos. No LE com inoculação, obteve-se melhor crescimento das mudas. O HBE produziu efeito superior no desenvolvimento das mudas em relação àquele com a mesma proporção de material orgânico na forma de lodo (HBL. Na maioria dos parâmetros avaliados não houve diferença devido à inoculação dos substratos HBE, HBL e HB, provavelmente devido à existência de bactérias nativas nesses substratos. As mudas desenvolvidas no substrato LE foram as que acumularam mais N e Ca, principalmente quando inoculadas. Houve tendência de maior acúmulo de P, K e Mg na parte aérea das mudas desenvolvidas no substrato HBE.Sewage sludge has been studied as source of organic matter on seedling production. Thus, this study aimed to evaluate the development of Acacia mangium and Acacia auriculiformis seedlings in the following substrates: a oxic horizon + sand (1:1, v:v + 160, 640 e 160 g m-3 of N, P2O5 and K2O respectively (HB; b oxic horizon + sand + cattle manure (1:1:1, v:v (HBE; c oxic horizon + sand + sewage sludge (1:1:1, v:v (HBL and; d 100% sewage

  6. Produção de rosas influenciada pela aplicação de doses de silício no substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antônio Zanão Júnior

    2013-12-01

    Full Text Available A utilização de Si no cultivo de algumas plantas ornamentais cultivadas em vasos em casa de vegetação tem proporcionado aumento na produção e qualidade do produto final. Objetivou-se com este estudo avaliar a produção e absorção de nutrientes de dois cultivares de roseira cultivados em vasos influenciados pela aplicação de doses de Si no substrato. Os tratamentos foram gerados pelo fatorial 2 x 5, composto por dois cultivares de roseira (Yellow Terrazza® e Red White Terrazza® e cinco doses de Si (0; 0,25; 0,50; 0,75; e 1,00 g kg-1, e dispostos em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliados altura, ciclo, produção, diâmetro, longevidade floral, teores e conteúdos foliares de Si, macro e micronutrientes da planta. Foi feita a análise de variância dos dados, ajustando-se equações de regressão para o efeito das doses de Si. A aplicação de Si no substrato melhorou a produção e qualidade das rosas produzidas em vasos em casa de vegetação, porém a resposta das plantas variou com as doses de Si. As doses de Si para se obterem 90 % da produção máxima de matéria seca de flores foram de 0,43 e 0,22 g kg-1 para Yellow Terrazza® e Red White Terrazza®, respectivamente. Já os efeitos negativos do elemento foram observados a partir das doses de 0,86 e 0,55 g kg-1 de Si para Yellow Terrazza® e Red White Terrazza®, respectivamente. Os teores foliares de Si aumentaram em função da dose de Si aplicada no substrato.

  7. Umedecimento do substrato, temperatura na germinação e vigor de sementes de Bixa orellana L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. H. M. Sousa

    2015-12-01

    Full Text Available A Bixa orellana L., é uma planta originária da América Tropical, pertencente à família Bixaceae, cujos frutos são cápsulas recobertas de espinhos, ovóides que contém em torno de 40 a 50 sementes e possuem um pigmento natural muito utilizado na indústria alimentícia. Estudos sobre a germinação do urucum são essenciais para otimizar a propagação sexuada, em relação a temperatura e ao volume de água no substrato, papel toalha Germitest, que melhor expresse a germinação . O objetivo foi avaliar diferentes volumes de água para o umedecimento do substrato e temperatura na germinação e vigor de sementes de Bixa orellana L. O experimento foi desenvolvido no Laboratório de Análise de Sementes da Universidade Federal do Tocantins-UFT, campus de Gurupi (TO avaliando parâmetros de germinação, sementes mortas, o Índice de velocidade de germinação, crescimento e massa seca de plântulas em delineamento inteiramente casualizado no esquema fatorial 2x4 (temperaturas e volumes de água, com quatro repetições de 25 sementes para cada tratamento.  O tratamento para superação de dormência pode não ter sido eficaz devido à baixa porcentagem de germinação das sementes nas duas temperaturas, sendo que a 30ºC foram observados os melhores resultados. Na temperatura de 25°C esses valores variaram de 13 a 19% e de 18 a 29% na de 30°C. O teste de massa seca sugere que quantidades de água superior a 2,5 vezes ao peso seco do substrato papel podem afetar negativamente o vigor e substrato pouco umedecido limita a germinação das sementes.Moistening of the substract, temperature on the germination and vigor of Bixa orellana L. seedsAbstract: The Bixa orellana L., is a native plant of the Tropical America, belonging to the family Bixaceae, whose fruits are capsules covered with thorns, ovoids that contains around 40 to 50 seeds and possess a natural pigment much used in the food industry. Studies on germination are essential to

  8. Produção de mudas de mamoeiro utilizando diferentes substratos, ambientes de cultivo e recipientes Production of papaya seedlings using differents substrates, environments and pots

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edílson Costa

    2009-01-01

    Full Text Available No Estado de Mato Grosso do Sul, a fruticultura é limitada de informações consistentes, referentes ao potencial de produção de mudas para exploração a campo. Este trabalho avaliou a produção de biomassa em mudas de mamoeiro em diferentes ambientes de cultivo, recipientes e substratos na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Aquidauana - MS, de setembro a novembro de 2006. Utilizaram-se os ambientes de cultivo: estufa com filme de polietileno de baixa densidade; viveiro com tela de monofilamento preta; viveiro com tela aluminizada e viveiro com palha de coqueiro nativo. Os substratos "solo + composto orgânico + vermiculita", "solo + composto orgânico + pó de serra" e "solo + composto orgânico + vermiculita + pó de serra" preencheram as sacolas de polietileno e bandejas de poliestireno. O delineamento foi inteiramente casualizado em parcelas subsubdivididas. O ambiente com tela aluminizada promoveu os maiores acúmulos de biomassa do mamoeiro para as sacolas de polietileno. A sacola de polietileno foi o melhor recipiente para a produção de mudas do mamoeiro. Os substratos que continham vermiculita promoveram maiores acúmulos de biomassa nas sacolas de polietileno. O ambiente com tela aluminizada propiciou maior massa seca foliar nas três composições de substratos.In the State of Mato Grosso do Sul, the cultivation of fruits is limited of consistent information, concerning the potential for production of seedlings for field production. This work evaluated papaya seedlings biomass production in different environments, pots, and substrates in the State University of Mato Grosso do Sul, Aquidauana - MS, Brazil, from September to November, 2006. The cultivation environments were: greenhouse with low density polyethylene film; nursery with monofilament black screened; nursery with aluminized screened and nursery with straw of native coconut palm. The substrates "soil + organic compost + vermiculite", "soil + organic compost

  9. Substratos no enraizamento de estacas herbáceas de figueira oriundas da desbrota Substrates in the rooting of fig tree herbaceous cuttings originated from the sprouting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Pio

    2005-06-01

    Full Text Available Com o presente trabalho teve-se como objetivo verificar o enraizamento de estacas de figueira oriundas da desbrota, por meio da utilização de diferentes substratos. Foram coletadas estacas herbáceas de figueira 'Roxo de valinhos', aproximadamente com 10 cm de comprimento, no momento da desbrota da figueira. As estacas com apenas duas folhas e sem gema apical foram acondicionadas em bandejas de polipropileno, contendo diferentes substratos: casca de pinus®, vermiculita®, fibra de coco®, plantmax®, solo + esterco bovino (1:1 v/v e tropstrato® . Posteriormente, as estacas foram colocadas em casa-de-vegetação, com umidade e temperatura controlada. Após 50 dias, avaliaram-se a porcentagem de estacas enraizadas, brotadas e mortas, número de folhas e raízes emitidas da estaca. Os substratos fibra de coco® e plantmax® promoveram melhores resultados.The present work had the objective to verify the rooting of fig tree cuttings originating from sprouting, through the use of different substrates. Herbaceous cuttings were collected of 'Roxo de valinhos' fig tree with 10 cm of length when the sprouting was happening. The cuttings with two leaves and not of the apical bud to conditioned in polypropylene trays containing different substrates: casca de pinus®, vermiculita®, coconut fiber®, plantmax®, soil + cow mature(1:1 v/v and tropstrato® . The cuttings were placed at greenhouse, under humidity and temperature control. After 50 days, the rooting, sprouting and death cutting percentage, the number of leaves and roots of each cutting were evaluated. The substrates coconut fiber® and plantmax® promoted better results.

  10. Cultivo hidropônico da alface empregando substratos: uma alternativa a NFT? Growing lettuce plants in hydroponics using substrates: an alternative for the NFT?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo L. Andriolo

    2004-12-01

    Full Text Available Foi desenvolvido um dispositivo experimental para o cultivo da alface em sistema hidropônico fechado empregando substratos. As bancadas foram constituídas por telhas de cimento amianto, cujos canais foram preenchidos com brita basáltica. Sobre a brita foram dispostos os substratos, formando uma camada de 0,05 m de altura, com a superfície revestida com filme de polietileno opaco branco. As mudas foram produzidas em bandejas de poliestireno e plantadas em orifícios feitos sobre a superfície do filme de polietileno. Uma solução nutritiva completa foi fornecida diariamente, por meio de tubos gotejadores localizados na superfície da camada de substrato e abaixo do filme de polietileno. A solução drenada foi recolhida por gravidade para dentro do reservatório principal. Foram conduzidos dois experimentos, no período entre 16 de maio e 24 de junho e 1º e 28 de outubro de 2003, empregando as cultivares Regina e Mimosa e os substratos areia média e substrato orgânico Plantmax® Folhosas HA. No decorrer dos experimentos, houve diminuição dos valores de pH da solução nutritiva, tendo sido feita apenas uma correção em cada um dos experimentos. No dia mais quente do experimento de primavera, a temperatura foi mais elevada na areia, sem diferença significativa do substrato orgânico, cuja média situou-se 5,4ºC acima da temperatura da solução nutritiva e 0,4ºC acima daquela do ar. As médias mais elevadas das variáveis de crescimento e desenvolvimento foram observadas no substrato orgânico no outono, enquanto, na primavera, foram constatadas nos tratamentos tendo areia como substrato. O emprego dos substratos permitiu uma redução em torno de 92,4% no tempo de funcionamento da motobomba e simplificou tanto o manejo da fertirrigação como os controles da solução nutritiva.An experimental set-up to grow lettuce plants in a closed hydroponic growing system using substrates was made up and tested. Commercial fibber cement tiles

  11. Influência do substrato no crescimento de mudas de cupuaçu (Theobroma grandiflorum Schum. = Influence of the substrate on the growth of cupuassu (Theobroma grandiflorum Schum. seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Rodrigues Ferreira

    2009-10-01

    Full Text Available Entre as fruteiras amazônicas, destaca-se o cupuaçuzeiro, espécie de recente domesticação que vêm sendo valorizada por suas características de sabor e aroma. Um dos fatores determinantes para produção de mudas é a recomendação do substrato mais apropriado e, para espécies nativas, esta informação ainda é escassa. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes substratos na velocidade de germinação das sementes e no crescimento das mudas decupuaçu. O trabalho foi realizado em casa-de-vegetação, sendo testados sete substratos: terra vegetal + areia (1:1, terra vegetal, bioplant®, bioclone®, plugmix®, areia e vermiculita. Foram avaliadas as características: índice de velocidade de emergência (IVE, comprimento da raiz (CR, comprimento da parte aérea (CPA, biomassa seca da raiz (BSR e biomassa seca da parte aérea (BSPA, em delineamento experimental inteiramente casualizado com sete tratamentos, com quatro repetições de 15 sementes. As médias dos efeitos de substrato foram agrupadas pelo teste de Scott-Knott e a recomendação dos substratos foi realizada com o auxílio da técnicamultivariada de variáveis canônicas. O substrato bioclone® se destacou na maioria das características de germinação e qualidade das mudas avaliadas.The cupuassu (Theobroma grandiflorum stands out as an important recently domesticated Amazon fruit. Although the substrate is a prime factor for plantlet development, there are few recommendations for cupuassu plantlet production. The objective of this work was to evaluate the influence of different substrates on cupuassu germination and seedling growth. Seven substrates were tested in greenhouse conditions: vegetable soil + sand (1:1, vegetable soil, bioplant®, bioclone®, plugmix®, sand and vermiculite. The following germination and seedling traits were evaluated: germination speedindex, length and dry mass of roots and aerial parts; using a completely randomized design

  12. Tipos de substratos para germinação de sementes de palmeira- real-australiana (Archontophoenix alexandrae H. Wendl. & Drude

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Chalita Martins

    2011-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram avaliar o desempenho germinativo de sementes de palmeira-australiana em diferentes substratos e estabelecer a granulometria e intensidade de umedecimento adequado. A semeadura foi realizada com quatro repetições de 25 sementes em solo, areia, rolo de papel e em vermiculita de diferentes granulometrias: mícron (0,15-0,20 mm, superfina (0,21-0,30 mm, fina (0,30-0,50 mm e média (1,19-0,50 mm, umedecidas com 0,5; 1,0; 1,5; e 2,0 vezes o seu peso em água. O teste de germinação foi conduzido a 20-30 °C, avaliando-se a primeira contagem do teste aos sete dias após a semeadura e, semanalmente, a germinação (plântulas normais até os 35 dias, quando foram contabilizadas, também, as plântulas anormais e as sementes mortas. Calcularam-se o tempo médio e frequência relativa de germinação. A vermiculita mícron umedecida com uma vez o seu peso em água apresentou o melhor desempenho como substrato para o teste de germinação de sementes de palmeira-real-australiana, por possibilitar a máxima germinação das sementes (90% e velocidade de germinação, demandando tempo médio de 15,3 dias nesse processo.

  13. Vermicompostos como substrato na produção de mudas de berinjela (Solanum melongena e pimentão (Capsicum annumm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Leonardo Ferreira

    2014-08-01

    Full Text Available O processo de produção de mudas em bandejas proporciona facilidade de manejo e homogeneidade do plantel em campo. O substrato deve apresentar características físicas e químicas que proporcionem condições ideais para o bom desenvolvimento das mudas, resultando em plantas de qualidade. Sendo assim, objetivou-se com o trabalho acompanhar o ciclo de crescimento de mudas de berinjela e pimentão com uso de vermicomposto, em sistema de produção de base ecológica. O ensaio foi realizado na propriedade rural Hortvida, localizada no município de Governador Dix-sept Rosado – RN. Decorridos 25 dias após a semeadura foram avaliadas: número de folhas por planta, altura de plântula, diâmetro do coleto, comprimento da folha, largura da folha, peso da massa fresca da plântula e o peso da massa seca da plântula. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado com 14 tratamentos, correspondentes aos substratos a base de esterco bovino (EBO e esterco de pequenos ruminantes (EPR em diferentes proporções. Mediante análise quantitativa e as condições experimentais, recomenda-se a utilização do vermicomposto 80EBO+20EPR para produção de mudas de berinjela, e para mudas de pimentão o tratamento 30EBO+70EPR e 80EBO+20EPR.

  14. Indicadores da Qualidade do Substrato para Monitoramento de Áreas de Mineração Revegetadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Olimpia Peláez Ocampo Almeida

    Full Text Available Um procedimento para monitoramento e obtenção de indicadores para avaliação da recuperação ambiental de áreas mineradas foi desenvolvido e testado. Quatro bacias de disposição de rejeitos de mineração de areia industrial revegetadas em épocas distintas constituíram uma cronossequência de 14 anos que possibilitou a observação das mudanças das características físicas e químicas do substrato e o estabelecimento de relações com parâmetros de crescimento da vegetação. Uma análise de covariâncias multivariada entre os indicadores identificou a densidade de solo, teores de matéria orgânica e fósforo e pH como os mais apropriados para avaliar a qualidade do substrato e para atuarem como indicadores de resultados de ações de recuperação das bacias estudadas. Esse procedimento mostrou-se um instrumento de fácil aplicação para o acompanhamento da evolução da recuperação ambiental e para a obtenção de parâmetros quantitativos que facilitem a avaliação dos resultados das ações de recuperação.

  15. Avaliação de substratos para produção de mudas de alface Evaluation of substrates in the production of lettuce plantlets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Espíndola Trani

    2007-06-01

    Full Text Available Normalmente, os substratos disponíveis no mercado são recomendados indistintamente para grande número de culturas, sem considerar suas características e necessidades nutricionais na fase da formação de mudas. O experimento foi realizado em casa de vegetação, onde foram avaliados três substratos (Plantmax, Esfagno e G-III para o desenvolvimento de mudas de alface cv. Regina. Foram realizadas as análises químicas e físicas de pH, macronutrientes, sódio e micronutrientes, sendo calculadas a capacidade de troca catiônica (CTC e a saturação por bases (V%, além das análises de condutividade elétrica (CE, capacidade máxima de retenção de água (CRA e granulometria dos substratos. A semeadura foi feita em bandejas de poliestireno expandido com 128 células cada. O delineamento utilizado foi de blocos ao acaso com três repetições. Foram avaliadas massa fresca da parte aérea e das raízes, massa seca da parte aérea e das raízes, número de folhas verdadeiras e altura média de plantas. Dentre os substratos avaliados, Plantmax demonstrou ser mais eficiente para produção de mudas de alface com melhor qualidade.Normally, the substrates available in the market are recommended indistinctly for a great number of crops, without taking into account its characteristics and nutritional requirements during the plantlet stage. The experiment was carried out in the greenhouse, where three different substrates (Plantmax, Sphagnum and G-III were evaluated in the development of lettuce cv. Regina plantlets. Chemical and physical analysis such as pH, macro and micronutrients and sodium, cation exchange capacity (CEC and base saturation (V% were calculated as well as physical analysis such as electric conductivity, maximum water holding capacity and particle size of the substrates were carried out. The sowing was done in trays of expanded polystyrene with 128 cells each. We analyzed the fresh and dry mass of the aerial parts and of the roots

  16. Comprimento da estaca e tipo de substrato na propagação vegetativa de atroveran Shoot cutting length and substrate types on vegetative propagation of atroveran

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Corrêa do Bomfim Costa

    2007-08-01

    Full Text Available A propagação vegetativa de espécies medicinais vem despertando interesse das pesquisas agronômicas, uma vez que se constitui no ponto de partida e em ferramenta básica para qualquer cultivo em escala comercial. Este trabalho objetivou determinar o comprimento de estaca e o tipo de substrato mais adequados para a propagação vegetativa de atroveran. Em condições de casa de vegetação sob nebulização intermitente, foram testados dois comprimentos de estacas (10 e 20cm e três substratos (areia lavada, casca de arroz carbonizada e substrato comercial Plantmax®, em delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições e cinco estacas por parcela. Aos trinta e cinco dias, foram avaliados a porcentagem de enraizamento, o comprimento da maior raiz (cm e a biomassa seca das folhas e das raízes (mg. Os resultados indicaram que a propagação vegetativa de atroveran por meio de estaquia é viável, uma vez que o seu enraizamento médio ficou acima de 70%. As mudas de atroveran obtidas de estacas com 20cm apresentaram maior biomassa seca das folhas e das raízes, apesar de o comprimento da estaca não ter afetado a porcentagem de enraizamento e o comprimento da raiz. Os tipos de substrato não proporcionaram efeito sobre o desenvolvimento das estacas de atroveran. Recomenda-se a produção de mudas de atroveran com estacas de 20cm de comprimento, utilizando-se qualquer um dos três substratos testados.The vegetative propagation of medicinal species is in increasing agronomic interest because it is the starting point and a basic tool for any cultivation in commercial scale. The objective of this work was to determine the best shoot cutting length and the best substrate for vegetative propagation of Ocimum selloi. Cuttings were placed in greenhouse conditions under intermittent mist. Two cutting sizes (10 and 20cm and three substrate types (washed sand, carbonized rice hulls and commercial substrate Plantmax® were tested

  17. Substratos no enraizamento de estacas herbáceas de amora-preta Xavante Substrates on rooting of blackberry Xavante herbaceous cuttings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Yukari Yamamoto

    2013-01-01

    Full Text Available A amora-preta (Rubus spp. destaca-se entre as espécies que apresentam boas perspectivas de cultivo em áreas de agricultura familiar. Visando a otimizar a multiplicação de mudas dessa espécie, o objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de substratos e concentrações do ácido indolbutírico (AIB no enraizamento de estacas de amora-preta Xavante. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 3x2 (três tipos de substratos e duas concentrações de AIB, com cinco repetições de sete estacas, sendo adotados os fatores: tipos de substratos (casca de arroz carbonizada, vermiculita grânulos médios e fibra de coco e tratadas ou não com AIB (0 e 1000mg L-1. Após 80 dias, foram avaliadas as variáveis: sobrevivência das estacas; retenção foliar; estacas enraizadas; número de raízes por estaca; comprimento da maior raiz; massa seca das raízes por estaca; e pH; condutividade elétrica; densidade e capacidade de retenção de água dos substratos. Não houve influência dos substratos e da aplicação de AIB sobre a porcentagem de estacas enraizadas, verificando-se alta eficiência no enraizamento das estacas de amora-preta Xavante (86,2%. Para a porcentagem de sobrevivência das estacas, o melhor resultado foi obtido sem a aplicação de AIB. Conclui-se que a amora-preta Xavante pode ser propagada por estaquia herbácea com eficiência, sem o uso de AIB, utilizando-se preferencialmente o substrato casca de arroz carbonizada como opção de baixo custo.The blackberry (Rubus spp. stands out among the species that have good prospects for cultivation in areas of family farm agriculture. In order to optimize the multiplication of seedlings of this species, the aim of this research was to evaluate the use of different substrates and concentrations of indolebutyric acid (IBA on the rooting of cuttings of blackberry Xavante. The experiment was performed using the completely randomized design in a 3x2 factorial

  18. Influência do substrato, tamanho de sementes e maturação de frutos na formação de mudas de pitangueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo Corrêa Antunes

    2012-12-01

    Full Text Available Os experimentos foram realizados na Embrapa Clima Temperado, e as muda , conduzidas em bandejas de poliestireno expandido, de 72 células, colocadas em casa de vegetação com irrigação manual. O delineamento experimental adotado nos experimentos foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial, utilizando-se de quatro repetições com 12 sementes cada (Experimento 1 e três repetições com 18 sementes cada (Experimento 2. Os tratamentos do Experimento 1 foram o tamanho de semente (média e pequena e o substrato (Plantimax®, vermiculita e fibra de coco. Já no Experimento 2, os tratamentos utilizados foram as seleções de pitangueira (67 e172 e a maturação do fruto (parcial e totalmente maduro. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de emergência, comprimento da parte aérea e da maior raiz (cm, número de folhas por planta, massa da matéria seca da raiz e da parte aérea (g, sementes brocadas, dormentes e não emergidas. As sementes de tamanho médio foram superiores às pequenas em todas as variáveis avaliadas. O substrato Plantimax® proporcionou maior massa da matéria seca total do que a fibra de coco, porém não diferindo da vermiculita. A seleção 172 apresentou maior porcentagem de emergência e menor dormência do que a 67. As sementes oriundas dos frutos totalmente maduros apresentaram maior dormência e menor número de folhas do que as sementes de frutos parcialmente maduros. Conclui-se que a utilização de sementes de tamanho médio e do substrato Plantimax® proporciona melhor desenvolvimento inicial de mudas de pitangueira. O grau de maturação dos frutos afeta o processo de dormência das sementes e o desenvolvimento inicial das mudas de pitangueira.

  19. Recrutamento e sucessão de animais sésseis e sedentários em substrato artificial submerso na área portuária do Recife – PE, com enfoque para a bioinvasão

    OpenAIRE

    MELO, Arthur Vinicius de Oliveira Marrocos de

    2012-01-01

    O Porto do Recife recebe uma grande quantidade de navios de vários tipos e de muitas partes do mundo, podendo trazer espécies exóticas incrustadas no casco ou em água de lastro. O objetivo do presente estudo foi registrar e analisar os padrões de recrutamento e a dinâmica de sucessão de espécies bentônicas sésseis, assim como investigar uma possivel introdução e estabelecimento de espécies bentônicas exóticas e criptogênicas em uma área portuária com grande fluxo de navios. Uti...

  20. Valorização de resíduos orgânicos na formulação de substratos alternativos à turfa para a produção de plantas aromáticas envasadas em modo de produção biológico

    OpenAIRE

    Beozzi, Sara

    2013-01-01

    Mestrado em Engenharia do Ambiente - Instituto Superior de Agronomia The objective of this work was to evaluate the performance of two coconut coir and one compost (based on forestry wastes and horse manure), as components of peat-free substrates for the organic production (OP) of potted herbs. Seven different species of herbs were grown in seven peat-free substrates (based on coir and compost), one peat based substrate certified for OP (control) and two peat based substrate certified f...

  1. PRODUÇÃO DE MUDAS E CULTIVO A CAMPO DE BETERRABA EM SISTEMA ORGÂNICO DE PRODUÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Watthier

    2016-06-01

    Full Text Available Substrato para produção de mudas, geralmente, é o resultado da mistura de dois ou mais materiais formulados e manipulados para atingir propriedades físicas e químicas desejáveis a fim de se criar um meio onde se desenvolvem as raízes das plantas fora do solo. O objetivo foi avaliar a produção de mudas de beterraba em diferentes substratos a base de húmus de minhoca e de casca de arroz carbonizada em condições de cultivo orgânico. O experimento foi realizado no município de Pelotas/RS/Brasil, no período de março a abril de 2013. Os substratos utilizados foram formuladas em base de volume (v:v: SC - Substrato comercial S-10®; H2 – 0%H + 100% CAC; H3 - 20%H + 80%CAC; H4 - 40%H + 60%CAC; H5 - 60% H + 40%CAC; H6 - 80%H + 20%CAC; H7 - 100%H. As mudas foram produzidas em casa de vegetação, em bandejas de poliestireno expandido de 200 células. Aos 35 dias após a semeadura as mudas foram avaliadas. O substrato H4 foi superior nas características relacionadas à parte aérea das mudas de beterraba (CPA, MFPA, MSPA e AF e H7 nas do sistema radicular e isso pode ter acontecido devido as características físicas dos substratos, o qual influenciou no crescimento da mudas. O húmus de minhoca puro (H7 e em mistura com casca de arroz carbonizada (H4 podem ser utilizados como substrato para produção de mudas de beterraba em sistemas orgânicos de produção.

  2. Substratos alternativos na produção de mudas de Chamaecrista desvauxii Alternative substrates in the production of seedlings of Chamaecrista desvauxii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Vinicius Winckler Caldeira

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial da utilização de resíduos orgânicos como componentes do substrato para produção de mudas de Chamaecrista desvauxii, vulgarmente conhecida como rabo-de-pitu, empregada na recuperação de áreas degradadas. Estabeleceram-se os tratamentos utilizando quatro tipos de substrato: lodo de esgoto (LE, casca de arroz carbonizada (CAC, palha de café in natura (PC in natura e substrato comercial (SC, em diferentes proporções de volume. Quando as mudas atingiram 150 dias de idade, elas foram mensuradas quanto às seguintes características: altura, diâmetro do coleto, relação entre altura e diâmetro do coleto, massa seca da parte aérea, massa seca do sistema radicular, massa seca total, relação entre massa seca da parte aérea e massa seca do sistema radicular e índice de qualidade de Dickson (IQD. Os substratos formulados com lodo de esgoto, casca de arroz carbonizada e palha de café in natura propiciaram os melhores resultados das características avaliadas, sendo o tratamento com 60% LE + 20% CAC + 20% PC in natura o que proporcionou as mais adequadas características morfológicas avaliadas na produção de Chamaecrista desvauxii.The objective of this study was to evaluate the potential of sewage sludge and organic waste as component of substrate for Chamaecrista desvauxii seedlings production. It was established ten treatments using four types of substrate: sewage sludge, carbonized rice hull, coffee straw and commercial substrate in different proportions. When the seedlings were at three months of age, the following parameters were measured: stem diameter, plant height, ratio between plant height and stem diameter, shoot dry mass, dry mass of root system, total dry mass, dry mass ratio of shoot/root dry mass and Dickson quality index (IQD. The substrates made with sewage sludge, carbonized rice hull and coffee straw provided better results of growth of seedlings. Moreover, the

  3. Substratos alternativos ao xaxim na produção de bromélia ornamental Alternative substrates to fern tree fiber in the production of ornamental bromeliad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shoey Kanashiro

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar substratos alternativos para o cultivo da bromélia Aechmea fasciata (Lindley Baker, para substituir com eficiência as misturas formuladas com o xaxim Dicksonia sellowiana (Presl. Hook. Foram testados os substratos: casca de Pinus, casca de Eucalyptus, coxim, fibra de coco e xaxim, misturados com turfa e perlita, nas proporções 2:7:1, 5:4:1 e 8:1:1. O experimento foi realizado em condições de estufa com cobertura de polietileno, sombreada com tela a 70%. As bromélias foram cultivadas durante 435 dias, até o início do florescimento - estádio de comercialização. As variáveis analisadas foram as massas de matéria seca de: folhas, raiz, inflorescência, escapo floral e caule; além da massa de matéria seca total e a qualidade comercial. Os substratos formulados com xaxim ou casca de Pinus, nas proporções 2:7:1, 5:4:1 e 8:1:1, e com casca de Eucalyptus, fibra de coco ou coxim, na proporção 2:7:1, foram as misturas que apresentaram os melhores resultados. Os substratos formulados com casca de Eucalyptus, fibra de coco ou coxim, com 10% de turfa e 10% de perlita, na proporção 8:1:1, apresentaram os piores resultados.The objective of this study was to evaluate alternative substrates for the cultivation of the bromeliad Aechmea fasciata (Lindley Baker, to substitute the formulated mixtures with fern tree fiber from Dicksonia sellowiana (Presl. Hook. Tested substrates were: Pinus bark, Eucalyptus bark, coxim (made of coconut fiber, coir or fern tree fiber, mixed with peat and perlite, in the proportions 2:7:1, 5:4:1 and 8:1:1. The experiment was conducted in a greenhouse covered with polyethylene and shaded with shade cloth 70%. The bromeliads were cultivated during 435 days, until the beginning of the flowering, when they were suitable for commercialization. The evaluated parameters were dry masses of leaf, root, inflorescence, floral scape, and stem, besides total dry mass and the commercial

  4. Extratores aquosos para a caracterização química de substratos para plantas Water extracts for the chemical characterization of plant substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Ferreira de Abreu

    2007-06-01

    Full Text Available Substratos são materiais que apresentam as mais variadas origens e composições, podendo ser orgânicos, minerais ou sintéticos. Avaliou-se métodos aquosos usando as proporções de 1:1,5; 1:2; 1:2'; 1:5; 1:5' e 1:10 para a determinação de pH, CE, macro e micronutrientes em diferentes substratos comerciais e em componentes de substratos tendo-se como referência os resultados obtidos com o extrato de saturação. Foram utilizados nove substratos recomendados para as culturas de fumo, café, flores (2, florestais, citros e hortaliças (3 e onze componentes: casca de arroz carbonizada, turfa, turfa fibrosa, vermiculita, perlita, casca de pinus compostada (2, argila expandida, fibra de coco, cortiça e pó de xaxim. Foram determinados o pH, condutividade elétrica (EC, macronutrientes e micronutrientes. Os resultados obtidos com pH e EC apresentaram os menores valores de coeficiente de variação (CV e para os micronutrientes foram muito próximos aos limites de detecção do aparelho. Os macronutrientes apresentaram coeficientes de variação entre 5,1% e 47,2%. O método 1:2 apresentou capacidade extrativa de macro e micronutrientes mais próxima daquela observada para o extrato de saturação e todas as soluções aquosas foram eficientes em avaliar o pH, CE e macronutrientes dos diversos componentes e substratos.Substrates used to grow plants have different origins and compositions and can be organic, mineral or synthetic materials. In the present work the effect of different water extracts (1:1.5; 1:2; 1:2'; 1:5; 1:5'; and 1:10 was evaluated and compared to saturated extracts for the determination of pH, electric conductivity, macro and micronutrients in commercially available products and some of their components. The results were compared to those with saturated extracts. Nine substrates were evaluated, recommended for the cultivation of tobacco, coffee, flowers (2, forestry species, citrus and horticulture species (3, and eleven

  5. Caracterização e avaliação de substratos para o cultivo do tomateiro fora do solo Evaluation of substrates for growing tomatoes in soilless culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerônimo L. Andriolo

    1999-11-01

    Full Text Available Três diferentes materiais foram avaliados quanto ao seu potencial de uso como substrato para o cultivo do tomateiro. Os experimentos foram realizados no Departamento de Fitotecnia da UFSM, em Santa Maria-RS e os materiais avaliados foram: húmus proveniente da minhocultura, casca de arroz e substrato comercial (Plantmax Folhosas. O substrato comercial foi comparado no seu estado original correspondente a primeira utilização e também na sua segunda utilização com a mesma cultura. A casca de arroz foi comparada no seu estado puro e também em mistura com solo da região na proporção de 50% de cada componente. A caracterização física foi efetuada pela determinação da densidade e da massa úmida e pelo cálculo do volume retido e da capacidade máxima de retenção de água. A avaliação qualitativa dos substratos foi realizada por meio de avaliações do crescimento e produção de frutos de dois cultivos de tomateiro, respectivamente no outonoinverno e primaveraverão do ano de 1997. O húmus apresentou características físicas similares ao substrato comercial, enquanto que a casca de arroz reteve volume de água aproximadamente 50% inferior aos outros dois substratos avaliados. Porém, essa diferença diminuiu quando a casca de arroz foi misturada com o solo. O crescimento das plantas na casca de arroz foi inferior e a produção de frutos atingiu apenas 56% daquela obtida nos outros substratos. Tanto a mistura de casca de arroz e solo como os outros substratos avaliados se mostraram apropriados para o cultivo do tomateiro fora do solo.Three different organic materials were tested at the UFSM, Santa Maria, Brazil, as substrate for growing tomatoes in soilless culture. Humus originated from the digestion of organic materials by earthworms, rice husk, and a commercial substrate "Plantmax Folhosas" were used. Two successive cycles of tomato plants were evaluated, by replacing old plants with young ones after the first cycle of the

  6. Plantas de ocorrência espontânea como substratos alternativos para fitoseídeos (Acari, Phytoseiidae em cultivos de seringueira Hevea brasiliensis Muell. Arg. (Euphorbiaceae Weeds as alternative substrates to phytoseiids (Acari, Phytoseiidae in rubber tree Hevea brasilienis, Muell. Arg. (Euphorbiaceae cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Roberto Bellini

    2005-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar as espécies de plantas espontâneas em áreas de cultivo de seringueira que poderiam servir com reservatório de ácaros predadores. O trabalho foi conduzido em Olímpia, Estado de São Paulo, Brasil, em dois cultivos de seringueira. A cada três meses, cerca de 1.000 cm³ de folhas de cada uma das cinco espécies de plantas espontâneas dominantes em cada cultivo foi tomada para determinar os fitoseídeos. Como as plantas espontâneas dominantes variaram durante o estudo, um total de 20 espécies foi verificado. Somente Cecropia sp. foi dominante em todo estudo, em ambos os cultivos. Um total de 336 fitoseídeos pertencentes às seguintes espécies foi encontrado: Euseius citrifolius Denmark & Muma, 1970, E. concordis (Chant, 1959, Galendromus annectens (DeLeon, 1958, Iphiseiodes zuluagai Denmark & Muma, 1972, Neoseiulus anonymus (Chant & Baker, 1965 e N. tunus (DeLeon, 1967. E. citrifolius (189 espécimes e N. tunus (138 espécimes foram os mais abundantes. A maior abundância (231espécimes e diversidade (5 espécies foram observadas sobre Cecropia sp. Sobre esta planta foi encontrado o maior número de ácaros por amostra (29 espécimes, seguida por Piper duncum Linnaeus (22, Guarea sp. (18 e Ageratum conyzoides Linnaeus (12. E. citrifolius tem sido determinado como um dos ácaros predadores mais abundantes sobre seringueiras cultivadas na região onde este trabalho foi conduzido. Cecropia sp. parece ser uma das plantas espontâneas mais importantes consideradas como reservatório de E. citrifolius porque está continuamente presente nos cultivos. Estudos complementares poderiam indicar a viabilidade de se manejar esta planta nas áreas de cultivo de seringueira para permitir o controle biológico dos ácaros-praga desta cultura.The objective of this study was to determine weed species of rubber tree cultivation areas that could serve as reservoirs of predatory mites. The work was conducted in Ol

  7. Substratos e intensidades de luz no cultivo de orquídea denfal Substrates and light intensity on cultivation of Denphal orchid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marichel C Macedo

    2011-06-01

    Full Text Available Foi avaliada a influência da luminosidade e de substratos alternativos ao xaxim, no desenvolvimento e floração de plantas de Dendrobium phalaenopsis var. schroederianum x Dendrobium bigibbum var. compactum. O experimento foi conduzido na UFGD-FCA, de outubro de 2007 a agosto de 2008. Foram utilizadas plantas com quatro anos oriundas de cultivo in vitro, aclimatizadas em viveiro com intensidade luminosa de 12.800, 8.300, 6.200, 5.300 e 4.500 lux, e plantadas em vasos plásticos contendo como substrato carvão, fibra de coco ou uma mistura de carvão + fibra de coco. Durante o período experimental foram avaliados a redução de massa fresca (%, o diâmetro de pseudobulbos (%, brotações (%, início da floração, plantas com flores (%, comprimento da haste floral, botões florais (nO, diâmetro das flores e duração do florescimento. As menores reduções da massa fresca e do diâmetro foram observados sob 12.800 lux. Para brotações os maiores valores foram observados em substrato carvão sob 12.800 lux, ou em substrato fibra de coco e carvão + fibra de coco sob 4.500 lux. Nas condições em que o trabalho foi conduzido recomenda-se que esta orquídea seja cultivada em carvão sob 12.800 lux, uma vez que o maior percentual de plantas com flores, número de botões por planta, diâmetro das flores e comprimento da haste floral produzidos foram observados nestas condições.The influence of light and alternative substrates to fern tree fiber was evaluated on the development and flowering of Dendrobium phalaenopsis var. schroederianum x Dendrobium bigibbum var. compactum plants. The experiment was carried out from October 2007 to August 2008. Four-year old plants from in vitro cultivation, and acclimatized in nursery with light intensities of 12,800, 8,300, 6,200, 5,300 and 4,500 lux, were used. Plants were planted in plastic vases filled with charcoal, coconut fiber or a mix of charcoal + coconut fiber as substrate. During the experimental

  8. Substratos e estacas com e sem folhas no enraizamento de Luehea divaricata Mart. Substrates and stem cuttings with and without leafs on rooting of Luehea divaricata Mart.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jardel Pizzatto Pacheco

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do substrato e do tipo de estaca no enraizamento de Luehea divaricata. O experimento foi realizado no Viveiro Florestal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, no período de dezembro de 2006 a fevereiro de 2007. Foram utilizadas estacas herbáceas (com folha e sem folha, de plantas matrizes com aproximadamente dois anos de idade e diferentes tipos de substrato (turfa, Plantmax®, vermiculita, Mecplant® em arranjo fatorial 2x4. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco unidades experimentais por repetição e 10 repetições por tratamento. As avaliações foram realizadas 60 dias após a implantação do experimento. As variáveis observadas foram sobrevivência, enraizamento, número de raízes, comprimento das raízes, matéria seca das raízes e matéria seca da parte aérea. O tipo de estaca apresentou influência em todas as variáveis estudadas, tendo em vista que 100% das estacas sem folha morreram antes de enraizar. Estacas cultivadas em Plantmax® apresentaram maior comprimento das raízes quando comparadas ao substrato Mecplant®. A utilização dos substratos turfa e Plantmax® permitiu obter maiores valores de matéria seca da parte aérea e matéria seca das raízes. Estacas com um par de folhas cultivadas em Plantmax® são indicadas na estaquia de Luehea divaricata.An experiment was carried out to evaluate the influence of substrate and type of stem cuttings on the rooting of Luehea divaricata. The experiment was conducted at a Forest Seedbed at the Federal University of Santa Maria (UFSM, from December 2006 to February 2007. Herbaceous stem cuttings were used (with and without leaf, of plant matrices of approximately two years of age distributed as substrate (peat, Plantmax®, vermiculite, Mecplant ® in factorial 2 x 4. The experimental design was completely randomized and consisted of bifactorial combination with five units per repetition and

  9. Temperaturas e substratos para germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea Mart Temperatures and substrates for germination and vigor of Euterpe oleracea Mart. Seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Simões Nobre Gama

    2010-12-01

    Full Text Available O conhecimento das condições ótimas para a germinação, principalmente da temperatura e do substrato, é de fundamental importância, tendo em vista que estes fatores variam entre sementes de diferentes espécies. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência de diferentes substratos e temperaturas para condução de testes de germinação e vigor de sementes de Euterpe oleracea. A pesquisa foi realizada no Laboratório de Análise de Sementes do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 4 x 4, com os fatores temperaturas (20-30; 25; 30 e 35 ºC e substratos (areia, Bioplant®, Plantmax® e vermiculita e quatro repetições cada. Para avaliação do efeito dos tratamentos foram realizados testes de germinação e vigor (índice de velocidade de germinação, comprimento e massa seca de plântulas. As condições ideais para testes de germinação e vigor em sementes de Euterpe oleracea estão em substrato vermiculita sob temperaturas de 20-30; 30 e 35 ºC, areia a 30 e 35 ºC, plantmax® a 20-30 ºC e bioplant® a 35 ºC.The objective of this study was to evaluate the influence of different substrates and temperatures for conducting tests of seed germination and vigor in Euterpe oleracea. The work was realized at the Seed Analysis Laboratory of (CCA-UFPB. The treatments were distributed in a factorial 4 x 4, four temperatures (20-30; 25; 30 and 35 ºC and four substrates (sand, Bioplant®, Plantmax® and vermiculite, used four replications each. Were evaluated the following characteristics: germination (%, germination speed index, length and dry mass of seedlings. The ideal conditions for testing the germination and vigor in Euterpe oleracea seeds are in vermiculite under temperatures of 20-30; 30 and 35 ºC, sand to 30 and 35 ºC, plantmax® 20-30 ºC and bioplant® 35 ºC.

  10. Influência da composição química do substrato no cultivo de Pleurotus florida Influence of the chemical composition of the substrate in the cultivation of Pleurotus florida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Garcia Figueiró

    2011-10-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a influência da composição química do substrato no cultivo do cogumelo comestível Pleurotus florida, seis resíduos agrícolas foram testados: palha de arroz, palha de feijão, palha de trigo, folha de bananeira, palha de sorgo e sabugo de milho. O substrato palha de feijão apresentou resultados semelhantes para a produção (189,8 g kg-1, eficiência biológica (89,2% e número de cogumelos (12 à palha de arroz, substrato utilizado tradicionalmente no cultivo de Pleurotus em escala comercial. Não foi possível atribuir apenas a um fator químico as altas produções e eficiências biológicas observadas em palha de arroz e palha de feijão e muito menos para a baixa produção em palha de sorgo (77,8 g kg-1 e sabugo de milho (53,2 g g-1. No geral, substratos com relação C/N em torno de 45 (N = 1,0%, maior conteúdo de cinzas, acrescido de altos teores de P, K, Ca, Mg and Mn foram os melhores para o cultivo de P. florida.The purpose of this work was to evaluate the influence of the chemical composition of the substrate in the cultivation of the edible mushroom Pleurotus florida. Six agricultural by-products were tested: rice straw, bean straw, wheat straw, banana leaf, sorghum straw and maize cobs. Using bean straw as the substrate showed similar results for yield (189.8 g kg-1, biological efficiency (89.2% and number of mushrooms (12 as rice straw substrates traditionally used for the cultivation of Pleurotus on a commercial scale. It was not possible to attribute the high yields and biological efficiency observed in rice and bean straw solely to chemical factors and, even less so for the low yields presented by sorghum straw (77.8 g kg-1 and maize cobs (53.2 g kg-1. In general, substrates with C/N ratio around 45 (N = 1.0%, high ash content and high levels of P, K, Ca, Mg and Mn were the best for the cultivation of P. florida.

  11. Influencia da intensidade luminosa e do substrato no crescimento, no conteudo de clorofila e na fotossintese de Cabralea canjerana (Vell.) Mart. Subsp. canjerana, Calophyllum brasiliense Camb. e centrolobium robustum (Vell.) Mart. Ex Benth., na fase ju

    OpenAIRE

    Carvalho, Paulo Ernani Ramalho, 1946-

    2013-01-01

    Visando estudar a auto-ecologia de três espécies florestais brasileiras; Cabralea canjerana (Vell.) Mart. subsp. canjerana (canjarana); Callophyllum brasiliense Camb. (guanandi) e Centrolobium robustum (VelI.) Mart. ex Benth. (araribá-rosa), estudou-se o comportamento na fase juvenil de mudas envasadas em dois substratos (Colombo e Santa Helena) e sob intensidades luminosas de 10%, 30%, 50% e 100%. Para todas as espécies, foram estudados vários parâmetros ecofisiológicos: altura, diâmetro do ...

  12. Substratos, ácido indolbutírico e períodos do ano na propagação de pitaya por estaquia

    OpenAIRE

    Alessandro Borini Lone

    2013-01-01

    Pitaya é o nome dado aos frutos de diversas cactáceas de hábito trepador, nas quais algumas espécies têm demonstrado aceitação para a comercialização. A propagação comercial das espécies de pitaya é feita por estaquia, onde se obtêm plantas com maior uniformidade e precocidade na produção. Diversos são os fatores que afetam a formação das raízes nas estacas como o tipo de substrato, umidade, temperatura, concentrações de fitohormônios e época do ano em que é realizada a estaquia. No caso da p...

  13. Produção de biohidrogênio por Rhodobacter capsulatus utilizando como substrato o efluente da fermentação escura

    OpenAIRE

    Silva, Felipe Thalles Moreira

    2015-01-01

    O emprego do sistema híbrido tem sido visto como um portador de energia do futuro para a produção de biohidrogênio devido a suas vantagens. Neste sistema, o efluente resultante na primeira etapa de fermentação escura, rico em ácidos orgânicos, é usado como substrato por bactérias púrpuras não-sulfurosas na etapa de fotofermentação. Este processo tem caráter de sustentabilidade devido ao uso de recursos renováveis, com produção simultânea de produto de valor agregado e remoção de resíduos. Nes...

  14. Efeito da ingestão de cafeína sobre o metabolismo de repouso e utilização de substratos energéticos

    OpenAIRE

    Cardoso, Pedro Miguel Esteves Correia da Silva

    2012-01-01

    Mestrado em Exercício e Saúde O objetivo desta investigação foi verificar o efeito da ingestão de 5 mg/kg/dia de cafeína durante quatro dias, na utilização de substratos energéticos (QR) e na taxa metabólica de repouso (TMR). A ingestão alimentar, a composição corporal e a atividade física foram determinadas através de questionários, Densiometria Radiológica de Dupla Energia (DXA) e acelerometria, respectivamente. A amostra foi constituída por sujeitos masculinos saudáveis e...

  15. Carvão pirogênico como condicionante para substrato de mudas de Tachigali vulgaris L.G. Silva & H.C. Lima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Furlaneto Souchie

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo verificar a eficiência de carvão vegetal pirogênico como condicionante de substrato para o desenvolvimento de mudas florestais de alto vigor, testando-se o carvoeiro (Tachigali vulgaris como espécie representativa do Bioma Cerrado. Foram tomados como modelo de produtividade os solos de elevada capacidade de troca catiônica com Horizonte A antrópico da Amazônia (Terras Pretas de Índio, ricos em carbono pirogênico derivado de carvão vegetal. O experimento foi realizado no viveiro da Universidade do Estado de Mato Grosso, no município de Nova Xavantina-MT. Foram utilizadas quatro concentrações de carvão de eucalipto (Eucalyptus sp. com 5; 12,5; 25 e 50% do volume total do substrato base e 0% como testemunha. Foi avaliada a porcentagem de emergência no início do experimento. Durante oito meses, a cada 30 dias, foi contado o número de folhas e medida a altura total das mudas. No oitavo mês foi medido o diâmetro do coleto e determinada à massa seca da raiz e da parte aérea. Os tratamentos e a testemunha apresentaram emergência superior a 80%, não havendo influência do carvão. Entretanto, o carvão vegetal incrementou significativamente a altura das mudas, o número de folhas, o diâmetro do coleto e a massa seca radicular e da parte aérea, o que ficou evidenciado pela forte correlação positiva com as concentrações de carvão. Portanto, o carvão vegetal pirogênico é uma alternativa viável como condicionante de origem biológica do substrato para a produção de mudas potencialmente mais resistentes, requerimento importante para plantios em campo sob condições mais severas, como na recuperação de áreas degradadas no Bioma Cerrado.

  16. Guavira emergence and seedling production with substrates containing organic compost and soil under different screen environments Emergência e formação de mudas de guavira com substratos contendo composto orgânico e solo sob diferentes ambientes telado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2012-12-01

    Full Text Available This study aimed to evaluate different proportions of organic compost and soil as a substrate for the guavira emergence and seedling formation under different protected environments, in the high Pantanal region of the state of Mato Grosso do Sul. The seeds were placed in polyethylene bags (15 x 25 centimeters filled with four percentages of organic compost (0%, 20%, 80%, and 100% of total volume mixed with soil. These substrates were tested in agro-nurseries covered with black screen and 50% thermo-reflecting shade cloths. The substrate with 20% soil and 80% organic compost and the black screen shade cloth promote the best performance in the seedling production.Este estudo teve como objetivo avaliar diferentes proporções de composto orgânico e solo como substrato para a emergência e formação de mudas de guavira, em diferentes ambientes protegidos, na região do alto Pantanal Sul-Mato-Grossense. As sementes foram acondicionadas em sacolas de polietileno de 15,0 x 25,0 cm preenchidas com quatro porcentagens de composto orgânico (0%; 20%; 80% e 100% do volume total misturadas ao solo. Estes substratos foram testados em viveiros agrícolas de tela preta e termorrefletora de 50% de sombreamento. O substrato 20% solo e 80% composto orgânico e o ambiente com tela preta promoveram melhor desempenho na formação das mudas.

  17. Desempenho de diferentes substratos na decomposição de carcaça de frango de corte Performance of different substrates in the decomposition of broiler carcass

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Taiana Cestonaro

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o desempenho de diferentes substratos na decomposição de carcaça de frango de corte. Utilizaram-se seis câmaras de uma composteira, medindo 0,80 m de largura, 1,20 m de profundidade e 1,50 m de altura cada uma. Os substratos utilizados foram: acícula de pinus, bagaço de cana, palha de milho, casca de amendoim, capim e maravalha. A compostagem foi acompanhada de 4 períodos. A pilha de cada câmara foi montada em 5 camadas, de cujo total foram depositadas, em duas camadas, 5 carcaças de aves, distribuídas uniformemente. A cada 10 dias se realizou o tombamento das pilhas com o objetivo de aerar o substrato e se lhe adicionou água. Após 30 dias realizou-se o tombamento final. Na montagem das pilhas e nos tombamentos pesaram-se, separadamente, as carcaças e os substratos. Durante o processo os parâmetros monitorados foram matéria seca, cinzas, fósforo, potássio, nitrogênio, pH, carbono orgânico e razão C/N. Todos os substratos foram eficientes na decomposição das carcaças de aves e os valores da composição físico-química final dos substratos estão de acordo com os valores da IN-25/Mapa, ou seja, todos os substratos podem ser utilizados como fertilizantes orgânicos simples.The aim of this study was to evaluate the performance of different substrates in the decomposition of broiler carcasses. Six containers of a compost maker were used each one measuring 0.80 m width, 1.20 m depth and 1.50 m height. The substrates were: pine aciculae, sugarcane bagasse, corn straw, peanut shells, grass and sawdust. The composting was accompanied by four periods. The pile of each container was made up of five layers, in which, five poultry carcasses were uniformly deposited in two layers. The tumbling of the piles was done every 10 days, with the purpose to provide aeration for the substrate and water was added to the same. After 30 days, the final tumbling was done. In the assembly piles and in the

  18. Efeito de diferentes substratos e duas formas de adubação na produção de mudas de mamoeiro Different growth medium and fertilizer effects on papaya seedlings growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osvaldo Kiyohi Yamanishi

    2004-08-01

    Full Text Available Estudou-se o comportamento de plantas de mamoeiro (Carica papaya L. cvs. Sunrise Solo e Tainung 1 crescidas em bandejas de poliestireno (72 células com substrato (Plantmax Hortaliças® = casca de pínus + vermiculita + turfa, adicionado de 4% de adubo orgânico (húmus; esterco de gado e Nutriplanta® combinado com 0,05% de adubo químico (Osmocote® NPK 14-14-14 de liberação lenta e NPK 14-14-14 de liberação normal. A germinação das sementes do híbrido Tainung 1 iniciou-se aos 12 dias após a semeadura em todos os tratamentos, e da cultivar Sunrise Solo, aos 14 dias. A cultivar Sunrise Solo e o híbrido Tainung 1 apresentaram maior taxa de germinação nos substratos adubados com Osmocote® e fonte orgânica de húmus e esterco bovino, respectivamente. As mudas de mamoeiros Tainung 1 e Sunrise Solo crescidas nos substratos contendo Osmocote® apresentaram melhor desenvolvimento do que nos substratos com formulado NPK (14-14-14 de liberação normal. Apesar dos bons resultados apresentados pelas mudas de Sunrise Solo e Tainung 1 nos tratamentos constituídos de Nutriplanta®, não foi verificada diferença significativa entre os substratos contendo adubos orgânicos. As mudas desenvolvidas em substrato contendo esterco de curral + NPK de liberação normal tiveram os piores resultados para a maioria das características analisadas (altura, diâmetro do caule, peso seco da parte aérea, caule e raiz, e área foliar total. Os teores de nutrientes (NPK encontrados na análise foliar das amostras foram superiores nos tratamentos com Osmocote® em relação aos demais, cerca de 20% para o híbrido Tainung 1 e 10% para o Sunrise Solo.The behavior of papaya (Carica papaya L. cv. 'Sunrise Solo' and 'Tainung 1' seedlings grown in polystyrene trays (72 cells in the growth medium (Plantmax® = pine bark + vermiculite + peat amended with 4% of organic fertilizer (Humus; composted cattle manure and Nutriplanta® combined with 0.05% of inorganic

  19. Qualidade fisiológica de sementes de pitangueira submetidas a diferentes procedimentos de secagem e substratos - Parte 2 Physiological quality of surinam cherry seeds submitted to different procedures of drying and substrates - Part 2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia H. de M. Sena

    2010-04-01

    Full Text Available Conduziu-se este trabalho com o objetivo de determinar o procedimento de secagem e substratos ideais para avaliar a visibilidade e o vigor das sementes e crescimento inicial das plântulas de pitangueira (Eugenia uniflora L.. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 4 (2 procedimentos de secagem: à sombra e ao sol; 4 substratos: Areia, vermiculita, pó-de-coco e papel toalha, com quatro repetições de 25 sementes cada uma e se avaliaram os seguintes parâmetros: tempo médio de germinação, comprimento da raiz e do epicótilo e massa seca da plântula. O experimento foi conduzido em germinador tipo BOD, regulado a temperatura constante de 25 ºC e regime de luz contínua. O procedimento de secagem à sombra e o substrato vermiculita podem ser recomendados para testar o vigor dessa espécie.This study had as its objective the determination of ideal procedure of drying and the substrate to evaluate the vigour and the initial growth of surinam cherry seedlings (Eugenia uniflora L.. The used design was entirely randomized in factorial scheme 2 x 4 (2 procedures of drying: shade and sun; 4 substrates: sand, vermiculite, coconut fiber and paper towels with four replications of 25 seeds each. The following parameters were also analyzed: average time of germination, length of primary root and epicotyl and dry weight of the seedling. The experiment was conducted in BOD regulated at constant temperature of 25 ºC and regime of continuous light. The shade method of drying and the vermiculite substrate can be recommended to test the vigour of this specie.

  20. Efeito da temperatura e umidade do substrato na viabilidade de Sclerotium rolfsii = Effect of the temperature and substrate moisture on the viability of Sclerotium rolfsii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Duarte Vieira

    2010-04-01

    Full Text Available Avaliou-se a erradicação de escleródios de Sclerotium rolfsii em diferentes temperaturas e umidades do substrato. Testaram-se umidades de 5, 6, 9 e 11 (equivalentes a -5, -3, -1 e -1/3 Bar e mais 0 e 18% de umidade. As temperaturas testadas foram 40, 48, 52 e 58oC, no tempo de 30 min., seguidos de resfriamento em balcão, em condições de laboratório. Avaliou-se a germinação em meio BDA salino. A 0% de umidade do substrato, nenhuma temperatura foi eficiente na inativação dos escleródios. Para todas as outras umidades testadas, porém, os escleródios foram erradicados em temperaturas acima de 52oC. De todas as quatro temperaturas testadas, apenas a menor (40oC não inativou os escleródios do patógeno. A 48oC, a erradicação dos escleródios variou entre 80 e 100% para os níveis de umidade de 5 a 18%. O calorúmido foi eficiente na erradicação de escleródios de S. rolfsii.Thermal eradication of Sclerotium rolfsii in vitro was evaluated underdifferent substrate temperatures and humidity. Humidity levels of 5, 6, 9 and 11% (equivalent to -5, -3, -1 and -1/3 Bar and 0 and 18% were tested. Temperatures tested were 40, 48, 52 and 58ºC. After substrate treatment, germination in saline BDA medium was evaluated. At 0% humidity, the temperature was not efficient in sclerotia eradication. For all other values of humidity tested, sclerotia were eradicated in temperatures over 52 ºC. From all temperatures tested, only the lowest (40ºC did not eradicate pathogen sclerotia. Soiltreatment at 40ºC/30 min. stimulated sclerotia germination as the level of substrate humidity was increased. At temperatures of 52 and 58 ºC, and at humidity levels of 5, 6, 9, 11 and 18%, a 30 min. treatment was efficient for eradication of the pathogen. At 48ºC,sclerotia eradication reached 80 to 100% for humidity levels of 5 to 18%. S. rolfsii was eradicated with humidity heat.

  1. Produção de muda orgânica de pimentão com diferentes substratos Organic production of seedlings of sweet pepper with different substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sebastião Elviro de Araújo Neto

    2009-08-01

    Full Text Available A fase de muda na horticultura é fundamental para obter boa produtividade, e o substrato é grande responsável por isso. Objetivou-se, no presente trabalho, identificarem-se combinações de resíduos orgânicos na confecção de substratos para a produção de mudas de pimentão Casca Dura Avelar. Sementes foram semeadas em copos plásticos de 180cm³, contendo misturas de resíduos orgânicos em cada substrato, como segue T1 Plantmax® (tratamento controle; T2 composto orgânico + casca de coco triturada (1:1 v/v; T3 composto orgânico + cama-de-frango + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v; T4 composto orgânico + esterco bovino + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v; T5 composto orgânico + coprólitos de minhoca + casca de arroz carbonizada (1:1:1 v/v; T6 composto orgânico + caroço de açaí triturado (1:1:1 v/v; T7 composto orgânico + coprólitos de minhoca + casca de coco triturada (1:1:1 v/v; T8 composto orgânico + esterco bovino + casca de coco triturada (1:1:1 v/v. Após a semeadura, os recipientes foram transferidos para casa de vegetação. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com oito tratamentos e quatro repetições, e a unidade experimental foi constituida de três plantas: uma em cada recipiente. Decorridos 20 dias da semeadura, avaliaram-se a altura de plantas, massa seca da parte aérea, massa seca de raízes e massa seca total. O substrato Plantmax® foi o que apresentou melhor desempenho. Entre os substratos alternativos, o substrato T5 foi o de melhor resultado.The seedling's stage in the horticulture is fundamental to obtain good yield, and the substrate is the largest responsible for that. The objective of this research was to identify combination of organic residues in the confection of substrates for production of sweet pipper seedlings cv. Casca Dura Avelar. Seeds were sowed in plastic glasses of 180cm³, containing mixtures of organic residues in each substrate, as it follows

  2. Modelo experimental de cárie dentária como ferramenta educativa em escolares

    National Research Council Canada - National Science Library

    Thiago Fernando De Araújo Silva; José Leonilson Feitosa; Rodrigo Maristony Medeiros Dantas; Fabianna Da Conceição Dantas de Medeiros; Isabela Pinheiro Cavalcanti Lima; Eduardo José José Guerra Seabra

    2016-01-01

    ... Dentária por meio de uma adaptação do experimento de Miller. Método Em um recipiente de vidro esterilizado e fechado coletou-se a saliva de doadores e acrescentou-se substrato à base de açúcar (sacarose...

  3. FÉCULA E FARELO DE MANDIOCACOMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE CICLODEXTRINAS

    OpenAIRE

    BERTOLINI,Andréa C.; CEREDA,Marney P.; CHUZEL,Gerard

    1998-01-01

    Ciclodextrinas (CDs) são oligossacarídeos cíclicos, não redutores, capazes de formar complexos de inclusão com outras moléculas, modificando suas características químicas e físicas. São de interesse industrial, mas o fator limitante para sua utilização ainda é o alto custo de produção. Devido à sua pureza e ao teor de amilopectina, a fécula de mandioca se apresenta como substrato potencial para a produção de CDs, tendo mais de 95% de amido. Outro substrato potencial é o farelo, resíduo da ext...

  4. Substrates for storing entomopathogenic nematodes (Rhabditida: Steinernematidae, Heterorhabditidae Substratos para armazenar nematóides entomopatogênicos (Rhabditida: Steinernematidae, Heterorhabditidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Andaló

    2010-01-01

    Full Text Available The survival of entomopathogenic nematodes under laboratory conditions is low. With the aim of evaluating substrates to extend the survival of entomopathogenic nematodes, suspensions of Heterorhabditis sp. JPM4 and Steinernema carpocapsae All (3,000 IJ mL-1 were added to dirt, fine sand, coarse sand, foam, expanded clay, phenolic foam, agar, corn starch, Plantmax®, and water. The substrates were placed on Petri dishes (5 cm and kept at 16 ± 1°C. Survival evaluations were made after 30, 60, 90, 120, 150, and 180 days, with three replicates. After 180 d, a greater percentage of S. carpocapsae infective juveniles (IJs were still alive in the foam treatment (57.5% as compared to other treatments, while expanded clay (28.4%, Plantmax® (9.3% and phenolic foam (11% were not effective in maintaining the survival rate. Foam (55.6%, coarse sand (53.1%, and fine sand (50.6% provided greater Heterorhabditis sp. JPM4 IJ survival at 180 days. Agar (19.3%, phenolic foam (11.6%, and Plantmax® (10.7% had lower survival indices than the control (29.7%. The use of an appropriate substrate can provide greater IJ survival.Os nematóides entomopatogênicos apresentam baixa viabilidade em condições de laboratório. Com o objetivo de avaliar substratos para prolongar a sobrevivência dos nematóides entomopatogênicos, suspensões de Heterorhabditis sp. JPM4 e Steinernema carpocapsae All (3.000 JI mL-1 foram adicionadas aos substratos solo, areia fina, areia grossa, espuma, argila expandida, esponja fenólica, ágar, amido de milho, Plantmax® e água. Estes foram colocados em placas de Petri (5 cm e mantidos a 16 ± 1°C. As avaliações foram feitas após 30, 60, 90, 120, 150 e 180 dias, com três repetições para cada dia. Após 180 dias, para S. carpocapsae All o substrato espuma (57,5% manteve maior porcentagem de juvenis infectantes (JI vivos; argila expandida (28,4%, Plantmax® (9,3% e esponja fenólica (11% não foram eficientes para manutenção da

  5. Influência de variáveis metodológicas no valor da resistência de união material adesivo/substrato dentinário e, no padrão de fratura: ensaio de \\"micro\\" cisalhamento

    OpenAIRE

    Andréa Mello de Andrade

    2010-01-01

    A influência de variáveis metodológicas no valor da resistência de união e no padrão de fratura, por ensaio de microcisalhamento, foi verificada em dentina planificada de molares humanos e estudada em quatro diferentes experimentos, nos quais dois sistemas adesivos foram utilizados (Adper Single Bond 2 e XP Bond) e uma resina composta (Filtek Z250). Foram eles: Experimento 1- momento de fotoativação do adesivo: antes ou após o posicionamento das cânulas sobre o substrato dentinário; Experimen...

  6. Diferentes substratos e ambientes no enraizamento in vitro de mirtilo Different substrates and environment conditions on in vitro rooting of blueberry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Roberta Damiani

    2009-04-01

    Full Text Available O objetivo neste trabalho foi comparar a capacidade de enraizamento in vitro de mirtilo (Vaccinium ashei Reade cv. 'Delite' e V. corymbosum L. cv. 'Georgiagem' e estudar o efeito de substratos alternativos ao ágar (perlita, vermiculita e ágar + carvão ativado adicionados ao meio de cultura 'WPM' contendo 7µM L-1 de AIB e o efeito da luminosidade por meio do cultivo em diferentes ambientes: sala de crescimento convencional e casa de vegetação. Concluiu-se que o uso de perlita, seguido da vermiculita, promovem o aumento do número e comprimento de raízes, matéria fresca total e radicular e maiores porcentagens de enraizamento. A adição de carvão ativado inibe o enraizamento. O ambiente de cultivo não alterou o número de raízes formadas. A cultivar 'Georgiagem' apresentou maiores porcentagens de enraizamento quando comparada a cv. 'Delite', independentemente do local de cultivo e substrato.The aim of this research was to compare the in vitro rooting ability of blueberry (Vaccinium ashei Reade cv. 'Delite' and V. corymbosum L. cv. 'Georgiagem', to study the effect of alternative substrate instead of agar (perlite, vermiculite and agar + activated charcoal added to the WPM culture medium containing 7µM L-1 of AIB, and the light effect by raising the explants in different growth environment: conventional growth room and greenhouse. The use of perlite followed by vermiculite increased roots number and length, total fresh weight and root weight and rooting percentage. The addition of activated charcoal inhibited rooting. The environment condition did not alter the number of formed roots. The cv. 'Georgiagem' showed the highest percentages of rooting whether compared cv. 'Delite', independently of growth environment and substrate.

  7. Resíduos agroindustriais prensados como substrato para a produção de mudas de cana-de-açúcar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Morgado Ivan Ferrreira

    2000-01-01

    Full Text Available Um experimento com Saccharum spp. foi conduzido, tendo como objetivo desenvolver uma nova metodologia de produção de mudas desta espécie, utilizando três resíduos agroindustriais prensados, como substrato. Foram estudadas diferentes proporções de bagaço de cana-de-açúcar, torta de filtro de usina e casca de coco na composição do substrato. O sistema de blocos prensados, de origem finlandesa, foi comparado ao sistema convencional. A qualidade das mudas, no final da rotação no viveiro, foi avaliada através do diâmetro de colo, número de perfilhos por planta, peso de matéria seca das partes aérea, radicular e total e o desempenho das mudas 12 meses após o plantio, através do comprimento, diâmetro, número de entrenós e peso dos colmos. Os três resíduos mostraram condições de serem utilizados em mistura para o preparo de blocos prensados. Os blocos prensados de origem finlandesa e os preparados com bagaço de cana-de-açúcar e torta de filtro de usina, misturados, respectivamente, nas proporções de 70 e 30 %, v v-1, foram os mais adequados para a produção de mudas de Saccharum spp.. As médias dos parâmetros morfológicos das mudas produzidas pelo sistema utilizado pelosistema convencional foram classificadas entre as mais baixas do experimento.

  8. Semente de amendoeira (Terminalia catappa L. (Combretaceae como substrato para o cultivo de orquídeas epífitas = Tropical almond seeds (Terminalia catappa L. (Combretaceae as a substrate for epiphytic orchid cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcus Nascimento Santos

    2010-04-01

    Full Text Available O uso de semente de Terminalia catappa L. (Combretaceae como substrato para o cultivo de orquídeas das espécies Oncidium flexuosum Sims, Dendrobium nobile Lindl. e Brassavola tuberculata Hook. foi comparado ao do xaxim (Dicksonia sellowiana Hook. Esta espécie é muito usada para o cultivo de orquídeas, mas está ameaçada de extinção e com a sua exploração proibida por lei. Ao final de 12 meses de cultivo, foram avaliadas as seguintes variáveis: altura da parte aérea, diâmetro dos pseudobulbos, número de pseudobulbos e pH.Não houve interação significativa entre substratos e espécies para as variáveis avaliadas. As orquídeas desenvolvidas em substrato de T. catappa e em xaxim apresentaram alturas da parte aérea, diâmetro dos pseudobulbos e número de pseudobulbos equivalentes. O substrato de T. catappa apresentou baixa velocidade de decomposição, o que manteve a sua boa capacidade de aeração, desenvolvimento das raízes e valor de pH próximo ao encontrado para o xaxim. O uso de T. catappa apresentou-se viável como substituto ao xaxim para o cultivo das orquídeas avaliadas.The use of Terminalia catappa L. (Combretaceae seeds as a substrate for growing orchids of the species Oncidium flexuosum Sims, Dendrobium nobile Lindl. and Brassavola tuberculata Hook was compared to the tree fern fiber Dicksonia sellowiana Hook, largely used for that purpose. This species is endangered and its exploitation is prohibited by law. After twelve months, the following parameters were evaluated: aerial part height, pseudo bulb diameter, number of pseudo bulbs and pH of substrate. There was no significant interaction between substrates and species for the evaluated parameters. The orchids developed on T. catappa substrate and tree fern fiber showed similar aerial parts, diameter and number of pseudo bulbs. T. catappa substrate showed a low rate of decomposition, which maintained good aeration capacity, root development and pH values close to

  9. Biossólido como substrato para produção de mudas de Toona ciliata var. australis Biosolids as substrate for Toona ciliata var. australis seedlings production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Vinicius Winckler Caldeira

    2012-12-01

    Full Text Available O êxito de plantios florestais não está ligado unicamente à espécie utilizada, mas depende diretamente do tipo de recipiente, da qualidade das sementes e do substrato utilizado. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do biossólido como substrato na produção de mudas de cedro-australiano (Toona ciliata. O experimento foi realizado em casa de sombra do Viveiro Florestal/CCA/UFES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, sendo constituído de seis tratamentos contendo biossólido, em proporções decrescentes, associado com terra de subsolo e dois tratamentos sem o uso de biossólido (esterco bovino + terra de subsolo e substrato comercial, respectivamente, com oito repetições. No geral, os melhores resultados para as características morfológicas analisadas foram obtidos com a utilização de 100 a 70% de biossólido na composição do substrato. Portanto, o biossólido pode ser considerado adequado para o crescimento de mudas de Toona ciliata o que demonstra uma alternativa viável de disposição final desse resíduo.The demand for wood for various purposes increases dramatically to meet the demand and need to produce forest seedlings in quantity and quality, to establish good stands. In this sense, the success of forest plantations is not linked solely to the species used, but directly depends on the type of container, the quality of seeds and substrate used. The objective of this work was to evaluate the influence of biosolids as substrate for the production of seedlings of Australian cedar (Toona ciliata. The experiment was conducted in a greenhouse at forest nursery/CCA / UFES. The experimental design was completely randomized, consisting of six treatments with biosolids, in decreasing proportions associated with subsoil, and two treatments without the use of biosolids (manure + soil and commercial substrate, respectively, with 8 repetitions. In general, the best results for the morphological

  10. Crescimento de plantas jovens de açoita-cavalo em quatro diferentes substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Grave

    2007-01-01

    Full Text Available The species Luehea divaricata Mart. & Zucc., from the Malvaceae family, has its wood used mainly in the manufacturing of curved furniture. Due to the wood quality interest, it is observed, as main result, the species deforestation. The purpose of this study was evaluate the growth of Luehea divaricata seedlings coming from seeds in four substrates. Four seeds were put in the tested substracts: Plant Max®, black peat (mineralized, carbonizated rice hulls and Mec Plant®. After 25 days, the seedlings were transplanted inside each treatment and, after 50 days, the seedlings were pruned. It was used the completely randomized experimental, the data underwent the variety analysis, and the averages were compared to Duncan is Test. The following parameters were considered: the percentage of seeds germination, dry weights of the root (g, dry weights of the stem (g, the stem diameter (cm, the height of stem (cm and number of leaves. The cultivated plants in the Plant Max® substract showed four times more root dry mass and aerial part on the 180 th day. Black peat and carbonizated rice hulls were less effective in the growing of the seedlings in the all analyzed parameters. The propagation of Luehea divaricata from seeds is technically viable, it is one alternative for seedlings production of the species and the substract Plant Max® and Mec Plant® was the best growth.

  11. REPRODUÇÃO DE MINHOCA (Eisenia foetida EM DIFERENTES SUBSTRATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinete Maria de Oliveira

    2008-01-01

    Full Text Available The objective of that research is to observe the reproductive capacity of earthworms of the species Eisenia foétida in different substrate, as well as your importance in the agriculture. The work was accomplished in the Center of Agrarian Sciences of the Federal University of the Paraíba-Areia/PB. In that research the following treatments were used: T1 - Compost of homelike Garbage (50kg; T2 - Compost of homelike garbage and culture remains (25 + 25 Kg; T3 - Compost of homelike garbage, culture rest and manure (35+10+5 Kg; T4-compost of homelike garbage with manure biodigested (35+10+5Kg; T5-compost of garbage, rest of cultures and manure biodigested (35+10+5Kg; T6 - Humus coming from bovine manure (50kg; T7-soil (witness. During the first forty six days of composting the temperature was verified twice a day (9 A.M and 15:00 P.M. In this same period, it was controlled the humidity and the aeration twice a week, being turned over the whole material. All the treatments show that the earthworms are capable of reproduce in the most several substrate, although the T5-composed of garbage, rest of cultures and manure biodigested (35+10+5Kg it has overcome the others.

  12. Substrato e solução nutritiva desenvolvidos a partir de efluente de biodigestor para cultivo do meloeiro Substrate and nutrient solution developed using a biodigestor effluent for melon cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz V. E. Villela Jr.

    2007-04-01

    Full Text Available Buscando a sustentabilidade em uma pequena propriedade agrícola visou-se com o presente estudo, ao aproveitamento do efluente de biodigestor proveniente da fermentação anaeróbia de estrume bovino, no cultivo sem solo do meloeiro. O experimento foi conduzido em Jaboticabal, SP, Brasil, localizado na Latitude 21º 15- 22" S e Longitude 48º 18- 58" W. Cultivou-se o meloeiro (Cucumis melo L. cv. Bonus nº 2 em substrato, com semeadura realizada em outubro de 2003 e se utilizou delineamento experimental em blocos casualisados com 16 tratamentos e 5 repetições, em esquema fatorial 4 x 4 (4 substratos e 4 soluções nutritivas. Os 4 substratos se compunham de diferentes proporções da mistura entre a parte sólida do efluente de biodigestor e a areia grossa lavada; as 4 soluções nutritivas foram compostas pela parte líquida do efluente de biodigestor (biofertilizante em substituição a adubos minerais hidrossolúveis. A adição do efluente à areia proporcionou crescimento vegetativo mais rápido, maior precocidade na colheita, frutos mais pesados e maior produtividade à cultura do meloeiro. Adubos minerais hidrossolúveis utilizados no cultivo de plantas em substrato podem ser parcialmente substituídos pelo biofertilizante estudado.Looking for the sustainability of a small farming enterprise, the present study focused the benefit of the biodigestor effluent resulting from the anaerobic fermentation of the bovine manure in a soilless melon plant experiment. The research was conducted in Jaboticabal, in the State of Sao Paulo, Brazil, at latitude of 21° 15- 22-- S and a longitude of 48° 18- 58-- W. The melon plant (Cucumis melo L. cv Bonus n° 2 was grown with substrate, seedling obtained in 10/2003. An experimental design was adapted in a randomized block with 16 treatments and 5 replications in a factorial 4 x 4 (4 substrates and 4 nutrient solutions. The 4 substrates were made up of different proportions in volume of the blend

  13. Substratos e regulador vegetal no enraizamento de estacas de pitaya Substrates and plant growth regulator on the rooting of pitaya cuttings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Márcio Guimarães Santos

    2010-12-01

    Full Text Available A pitaya é uma cactácea originária das florestas tropicais americanas que produz frutos exóticos bem apreciados e comercializados, principalmente no continente asiático. Contudo, ainda é uma espécie vegetal que demanda informações técnicas de cultivo nas áreas agrícolas brasileiras, motivando pesquisas em várias áreas do conhecimento. Objetivou-se avaliar diferentes substratos no enraizamento de cladódios imersos e não imersos no regulador de crescimento, ácido naftalenacético (ANA, na formação e desenvolvimento inicial de raízes em estacas de Hylocereus undatus, resultando em mudas mais vigorosas e de melhor qualidade. O experimento foi conduzido sob ripado no Departamento de Produção Vegetal - setor de Horticultura da Faculdade de Ciências Agronômicas no campus de Botucatu - UNESP. O delineamento experimental foi o inteiramente aleatorizado em esquema fatorial 4 x 2 (substratos x condições com quatro repetições. Após 60 dias da instalação do experimento foram avaliados: massa fresca e seca da parte aérea, massa fresca e seca das raízes e o comprimento da maior raiz. O crescimento e desenvolvimento radicular inicial de mudas não são influenciados pelo regulador vegetal ANA. Os substratos com a presença de areia são os mais adequados para a formação de mudas vigorosas e de boa qualidade. A mistura areia + esterco bovino proporciona maior acúmulo de fitomassa no sistema radicular de pitaya (H. undatus.The pitaya, a cactaceous species native to American tropical forests, produces well-appreciated and commercialized exotic fruits, mainly in the Asian continent. However, this plant species still requires technical information regarding cultivation in Brazilian agricultural areas, encouraging thus studies in several knowledge areas. This work aimed to evaluate the effect of different substrates on the rooting of cladodes immersed or not in the plant growth regulator naphthaleneacetic acid (ANA, as well as on

  14. Propagação vegetativa da alfavaca-cravo utilizando diferentes tipos de estacas e substratos Vegetative propagation of the wild basil using different types of cuttings and substrata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Polyana Aparecida D. Ehlert

    2004-03-01

    Full Text Available A propagação vegetativa é considerada importante ferramenta para o melhoramento de espécies lenhosas e herbáceas e vem sendo amplamente utilizada, visando melhorar e manter variedades de importância econômica e medicinal. Neste contexto utilizou-se estacas de alfavaca-cravo de 15 cm para apicais e 25 cm para as medianas, sendo estas com e sem folhas. As estacas foram plantadas em bandejas de isopor de 72 células, utilizando-se 10 substratos. Após 35 dias, as estacas foram retiradas com cuidado, sendo as partes aéreas e radiculares separadas e acondicionadas em saco de papel e mantidas em estufa a 70ºC por 48 h para posterior avaliação da matéria seca. Analisou-se a percentagem de enraizamento, número de folhas na estaca, peso de matéria seca de folha e de raiz. Não houve interação significativa entre os diferentes tipos de substrato e estaca para percentagem de enraizamento, sendo que os substratos de modo geral diferiram pouco entre si. Entre os tipos de estaca destacaram-se para esta variável a mediana sem folha e a apical com folha. Para as demais variáveis houve interação significativa entre o tipo de estaca e o substrato. A melhor estaca foi a mediana sem folhas plantadas em substrato arisco + esterco + húmus e vermiculita nas seguintes proporções: 20%:40%:40%; 40%:20%:40% e 40%:40%.The vegetative propagation is an important tool for the improvement of woody and herbaceous species and could be an important tool to improve and to maintain varieties of economic and medicinal importance. In this experiment cuttings 15 cm long of the apical portion and also 25 cm long cuttings of the medial portion of the stems, were used both with and without leaves. The cuttings were planted on styrofoam trays with 72 cells, using 10 different substrata. After 35 days, cuttings were carefully removed, the aerial portion being separated from the roots and conditioned in paper bags and maintained in a stove at 70ºC for 48 h, for the

  15. Nutrição mineral de mudas de eucalipto produzidas sob diferentes lâminas de irrigação e substratos Mineral nutrition of eucalypt seedlings grown under different irrigation levels and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jane Luísa Wadas Lopes

    2007-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos das lâminas brutas de irrigação na concentração de nutrientes de mudas de Eucalyptus grandis, produzidas em diferentes substratos. O experimento foi realizado na Camará - Mudas Florestais, em Ibaté, SP, e constituiu-se de um fatorial 5 x 4, sendo cinco lâminas brutas de irrigação diárias (6, 8, 10, 12 e 14 mm, aplicadas em diferentes horários (10, 13 e 16 h, e quatro substratos (FB - fibra de coco; CPV - casca de pinus e vermiculita; CATV - casca de pinus, carvão, turfa e vermiculita; e um MIX - 70 % de CPV e 30 % de FB. Foram determinadas os conteúdos dos nutrientes na parte aérea e no sistema radicular das mudas. Os resultados indicaram que houve influência das lâminas de irrigação e dos substratos no conteúdo dos nutrientes das mudas com maior acúmulo dos mesmos à medida que o fornecimento de água foi maior. As plantas crescidas nos substratos FB e CPV registraram os maiores acúmulos de nutrientes. CPV foi o melhor em se tratando do acúmulo dos macronutrientes nas raízes e também, juntamente com FB, o melhor para o acúmulo dos micronutrientes nas raízes e na parte aérea. Não houve influência dos substratos no acúmulo dos macronutrientes na parte aérea, porém houve das lâminas de irrigação.The objective of this work was to evaluate the effects of gross irrigation depths on the nutrient concentration of Eucalyptus grandis seedlings, produced in different substrates. The experiment was carried out in Camará - Mudas Florestais, in Ibaté, São Paulo, in a factorial 5 x 4, with five daily irrigation levels (6, 8, 10, 12 and 14 mm, applied three times a day (at 10 am, 13 pm and 16 pm, on four substrates (FB- coconut fiber; CPV- pine bark and vermiculite; CATV- pine bark, coal, turf and vermiculite and MIX- 70 % CPV and 30 % FB. The nutrient concentration was determined in the aerial part and roots of the seedlings, which was influenced by irrigation levels

  16. Influência do substrato e do tamanho da célula de bandejas de poliestireno expandido no desenvolvimento de mudas e produção de calêndula (Calendula officinalis L. Influence of substrate and cell size of expanded polystyrene tray on the development and production of marigold (Calendula officinalis L. seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.K.R Barbosa

    2010-03-01

    Full Text Available A calêndula (Calendula officinalis L. é uma planta medicinal anual de origem Mediterrânica que apresenta propriedades antiinflamatórias, antivirais, antigenotóxicas. A propagação desta planta normalmente é feita por sementes, sendo o uso de bandejas de poliestireno uma forma econômica de produção de mudas. Foram conduzidos dois experimentos com o objetivo de avaliar a interferência de dois tamanhos de célula em bandeja de poliestireno expandido (40 cm³ e 12 cm³ e de dois substratos (solo + esterco bovino curtido e substrato comercial tipo Plantmax para hortaliças® sobre a qualidade de mudas e a produção de calêndula. O delineamento estatístico nos dois experimentos foi em blocos casualizados, dispostos em arranjo fatorial 2 x 2 (dois substratos e dois tamanhos de células com seis repetições. Os tratamentos, referentes aos tamanhos das células foram bandeja com 128 células (40 cm³ de volume e, bandeja com 288 células (12 cm³ de volume. Os substratos utilizados foram solo de cerrado + esterco bovino curtido (1:1 e substrato comercial tipo "Plantmax para hortaliças®". Parte das mudas foi transplantada para avaliação da produção de capítulos. Houve diferenças significativas entre os substratos para as variáveis: matéria seca de parte aérea, matéria seca da raiz e matéria seca total. O uso do substrato formulado com solo de cerrado e esterco bovino proporcionou o melhor desenvolvimento das mudas de calêndula. Contudo, os diferentes tipos de substrato e bandejas de poliestireno não influenciaram significativamente a produção de capítulos das mudas transplantadas.Marigold Calendula (Calendula officinalis L. is an annual medicinal plant of Mediterranean origin which presents anti-inflammatory, antiviral and antigenotoxic properties. This species normally propagates through seeds, and the use of polystyrene trays is an economic way to produce its seedlings. Two experiments were carried out to evaluate the

  17. Substratos no desenvolvimento inicial de quatro cultivares de pessegueiro e uma nectarineira Substrates in the initial production of four peach varieties and one nectarine variety seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Américo Wagner Júnior

    2008-08-01

    Full Text Available Entre os fatores que contribuem para melhor desenvolvimento inicial das plantas, estão a qualidade da semente e o substrato utilizado.Objetivou-se avaliar o efeito do substrato na formação inicial de pessegueiro e nectarineira. O trabalho foi realizado no Departamento de Fitotecnia, da Universidade Federal de Viçosa, de fevereiro a março de 2004. Foram utilizados quatro cultivares de pessegueiro, 'Alô Doçura', 'Campinas 1', 'Relíquia' e 'Ouromel' e uma cultivar de nectarineira 'Josefina'. Sementes retiradas de frutos maturos, foram estratificadas em câmara fria, com temperatura de 5±1ºC e ausência de luz. Após a germinação, no interior da casa-de-vegetação, procedeu-se à semeadura em recipientes plásticos (3 litros, contendo os substratos: Plantmax®; Plantmax® + Areia (1:1 v/v; Plantmax® + Latossolo Vermelho (1:1 v/v; Plantmax® + Latossolo Vermelho + Areia (1:1:1 v/v. Foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado, num fatorial 5 x 4 (cultivar x substrato, com cinco repetições, considerando-se como unidade experimental cada recipiente plástico. Após 38 dias da semeadura foram analisadas: porcentagem de emergência, número de folhas, comprimento total, altura e comprimento de raiz, diâmetro do caule, massa da matéria seca total, da parte aérea e da raiz e o número de brotações primárias. O substrato teve efeito no desenvolvimento inicial de pessegueiro, obtendo-se os melhores resultados com o substrato comercial Plantmax®. O maior acúmulo de massa de matéria seca total e da parte aérea foi obtido com os cultivares 'Campinas 1' e 'Relíquia', sendo que esse último, também proporcionou maior número de brotações primárias.Among the factors that contribute for the best initial plants growing are seed quality and substrate utilized. The aim of this work was to evaluate the effect of substrate on the initial production peach and nectarine seedlings. The work was carried out in the

  18. Manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger Citric acid production by Aspergillus niger from "manipueira", a manioc liquid residue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Leonel

    1995-08-01

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo avaliar a viabilidade do uso da manipueira, residuo líquido resultante da prensagem da massa ralada de mandioca, como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger. Os meios de manipueira foram comparados nas mesmas condições de temperatura, a meios sintéticos, utilizados tradicionalmente. Em se tratando de proposta de um novo substrato, foi estudado o armazenamento do resíduo a temperatura ambiente por 72 horas, e realizada a caracterização físico-química da manipueira e dos meios elaborados com esse substrato. Foi avaliada a produção de ácido cítrico nos meios sintéticos e de manipueira. Verificou-se que a produção de ácido cítrico não diferiu quanto ao meio. Não foi observado crescimento do microrganismo nos meios de manipueira com concentrações acima de 70 mg/l de cianeto. Os resultados obtidos mostraram necessidade de maiores estudos para viabilizar o uso da manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por A. niger, principalmente no que diz respeito à liberação enzimática do cianeto.This research was made to evaluate the manipueira as substrat for citric acid biosynthesis by Aspergillus niger. The manipueira medium was compared in the same conditions of the synthetical medium, traditionally used in citric acid biosynthesis. The residue was kept at room temperature during 72 hours, and the physico-chemical characterization was made. The citric acid production did not change in the different media and the fungus did not grow hi the manipueira medium with concentrations about of 70 mg/l of cyanide. The results showed that more research is need to make manipueira utilization possible as a substrat for citric acid biosynthesis by Aspergillus niger.

  19. Avaliação de substratos de oviposição para Orius insidiosus (Say (Hemiptera, Anthocoridae Evaluation of oviposition substrates for Orius insidiosus (Say (Hemiptera, Anthocoridae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia M. Carvalho

    2010-03-01

    Full Text Available Avaliação de substratos de oviposição para Orius insidiosus (Say (Hemiptera, Anthocoridae. Fêmeas do predador O. insidiosus usam tecidos de plantas para colocação de seus ovos, o que caracteriza a oviposição endofítica. Este trabalho teve por objetivo avaliar diferentes substratos de oviposição para este predador. O estudo foi conduzido em sala climatizada a 25 ± 2ºC, UR de 70 ± 10% e fotofase de 12 horas. Os substratos de oviposição utilizados foram brotos de feijão (Phaselus vulgaris L., brotos de soja [Glycine max (L. Merr.], brotos de batata (Solanum tuberosum L., vagem de feijão (Phaselus vulgaris L. e inflorescências de picão-preto (Bidens pilosa L.. Foram avaliados os números médio diário e total de ovos por um período de 15 dias, o número de adultos vivos em cada recipiente e a viabilidade na produção dos adultos. Todos os substratos testados foram aceitos pelas fêmeas. Entretanto, foi observado um número significativamente maior de ovos de O. insidiosus em brotos de feijão (4,3 ovos por dia e brotos de soja (3,9 ovos por dia, comparado aos demais substratos avaliados. As menores (pFemales of O. insidiosus deposit their eggs in the plant tissue. This study aimed to evaluate oviposition substrates for this predator. The study was conducted in an air-conditioned room at 25 ± 2ºC, 70 ± 10% RH, and a 12 h photophase. The oviposition substrates used consisted of bean sprouts (Phaseolus vulgaris L., soybean sprouts [Glycine max (L. Merr.], potato sprouts (Solanum tuberosum L., bean pods (Phaseolus vulgaris L., and farmer's friend inflorescences (Bidens pilosa L.. Evaluations included the daily mean and total numbers of eggs per female during a 15-day period, the number of live adults in each container, and adult production viability. All substrates tested were accepted by the females. However, a significantly higher number of O. insidiosus eggs was found on bean sprouts (4.3 eggs per day and soybean sprouts (3

  20. Substratos renováveis na produção de mudas de Ficus enormis proveniente de jardim clonal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosimeri de Oliveira Fragoso

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar substratos renováveis à base de casca de arroz carbonizada (CAC e fibra de coco (FC sobre o enraizamento e qualidade final de mudas de Ficus enormis Mart. ex Miq. via estaquia caulinar de plantas provenientes de jardim clonal. Foram avaliados seis substratos: comercial (controle, composto por casca de arroz carbonizada (CAC, fibra de coco (FC e vermiculita (S1; 100% FC (S2; 100% CAC (S3; 50% FC e 50% CAC (S4; 30% (FC e 70% CAC (S5; 70% FC e 30% CAC (S6. O substrato comercial (S1 e as composições com maior proporção de FC apresentam qualificação superior para a produção de mudas de F. enormis.

  1. Utilização de registros de corais de profundidade (Cnidaria, Scleractinia para prever a localização e mapear tipos de substratos na plataforma e talude continental do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Visentini Kitahara

    2008-01-01

    Full Text Available Grande parte da plataforma e talude continental sul-brasileiro não possui detalhamento acerca dos mosaicos sedimentológicos, em parte devido aos elevados custos de cruzeiros oceanográficos específicos para o mapeamento sedimentológico de águas profundas. Visando contribuir com o conhecimento acerca da cobertura sedimentar ocorrente ao largo do sul do Brasil, o presente trabalho agrega informações referentes à fauna coralínea (ordem Scleractinia nesta área (totalizando 169 estações, utilizando os registros e informações referentes ao tipo de substrato utilizado pelas 35 espécies de corais analisadas como ferramenta para a identificação e mapeamento de áreas de ocorrência de substratos não-consolidados, biodetríticos e consolidados.Large portions of the Brazilian continental shelf and continental slope do not have detailed maps about the sedimentological mosaics, manly due to the high costs of specific oceanographic deep-water cruises. Using all records (totalizing 169 stations of deep-sea Scleractinia azooxanthellate corals from southern Brazil between 24° and 35°S, and separating them in three different groups, the present study intends to add to the actual knowledge of the superficial sedimentology off southern Brazil, demonstrating that the records of this cnidarians can be used as tools for mapping hard, soft, and biodetrictic deep-sea substrate.

  2. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS DE RESÍDUOS AGROFLORESTAIS AMAZÔNICOS PARA USO COMO SUBSTRATO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabele Domingues Soares

    2014-09-01

    Full Text Available Na Amazônia, são produzidas anualmente grandes quantidades de resíduos agroflorestais, o que demanda pesquisas para avaliar a viabilidade técnica, econômica e ambiental desses materiais como, por exemplo, sua utilização como substrato na produção de mudas florestais. O objetivo do estudo foi determinar as propriedades físicas e químicas de materiais com potencial para substrato, como casca de amendoim, casca de arroz in natura, pó de serra semidecomposto, resíduo de açaí, casca de cupuaçu, casca de café, casca de coco verde e casca de castanha-do-brasil. Foram avaliados os teores totais de nitrogênio (N, Ca, K, P, Mg, Cu, Fe, Mn, Zn, além do pH em água, densidade, capacidade de retenção de água (CRA e relação poro/sólido.  A casca de castanha apresentou os maiores valores na maioria das características avaliadas, exceto para a capacidade de retenção de água. O resíduo que apresentou as menores quantidades de nutrientes ou baixos valores das características físicas analisadas foi o pó de serra. Palavra-chave: produção de mudas, uso agrícola, Amazônia.   PHYSICO-CHEMICAL PROPERTIES OF AMAZON AGROFORESTRY RESIDUES FOR USE AS SUBSTRATE ABSTRACT In the Amazon are produced annually large quantities of residues, which demand agroforestry research to assess the technical, economic and environmental viability of the agricultural use of these materials as, for example, a substrate for forest seedling production. The objective of this study was to determine physical and chemical properties of the following materials with potential for substrate: peanut husk, rice husk in natura, sawdust semidecomposed, açai residues, cupuassu bark, coffee husk, green coconut husk and bark of brown-of-brazil. Were evaluated total contents of N, K, Ca, P, Mg, Cu, Fe, Mn, Zn; besides the pH in water, density, water retention capacity (CRA and the P/S ratio. The bark of brown-of-brazil presented the highest values for the majority of

  3. Caracterização física de dois substratos orgânicos para plantas e a estimativa da umidade por meio da reflectometria no domínio do tempo Physical characterization of two organic substrates for plants and the estimate of water content through the time domain reflectometry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roger Manuel Mestas Valero

    2009-04-01

    Full Text Available O crescente uso de substratos na produção agrícola e no cultivo em ambiente protegido, promove produção em grande escala. Nesse sentido, as caracterizações químicas, biológicas e físicas desses materiais se fazem necessárias à proposição e à avaliação de padrões de qualidade que devem preceder a sua comercialização. As propriedades físicas dos substratos influenciam no bom desenvolvimento da plantas, sobretudo, no manejo de irrigação, onde a compreensão da relação retenção de água e aeração é imprescindível. Para tanto, mostra-se necessário que também se determine o volume de água presente nos substratos utilizados. Nesse sentido, o uso da reflectometria no domínio do tempo (TDR pode representar um avanço em estudos dessa natureza. Dessa forma, baseado na determinação das curvas de retenção de água, neste trabalho, foram feitas as caracterizações físicas de dois substratos orgânicos: casca de pinus e fibra de coco. Também foram ajustadas, para cada um dos substratos avaliados, uma curva de calibração, através da qual, por meio da técnica da TDR, estimou-se o seu conteúdo de água. De maneira geral, com exceção da densidade seca, os substratos em estudo apresentaram características físicas da relação ar-água muito semelhantes. Quando comparado com os valores obtidos pelo método gravimétrico, na faixa de água facilmente disponível, a técnica da TDR apresentou um bom desempenho na estimativa da umidade de ambos substratos apresentando um coeficiente de determinação de 0,9319 para a casca de pinus e de 0,9385 para a fibra de coco.The increasing use of substrates on agricultural production and controlled environment has been promoting its large scale production. In this way, chemical, biological and physical characterizations of these materials are necessary to the quality standard proposal and evaluation which must precede its commercialization. High plants development has been

  4. Produção de mudas de alface com biofertilizantes e substratos Production of lettuce plantlets using biofertilizer and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Damiana Cleuma de Medeiros

    2007-09-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de mudas de alface que foram desenvolvidas em diferentes substratos e sob efeito de adubação foliar usando biofertilizantes, foi realizado o experimento em casa de vegetação da UFERSA. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso com 4 repetições. Os tratamentos foram resultados de um fatorial 4 x 5 envolvendo tipos de substrato (composto orgânico, Gold Mix 11, areia lavada e húmus + areia lavada 1:1 e fertilizante foliar (organo-mineral comercial Fertamin, testemunha e três tipos de biofertilizantes. Foram feitas adubações foliares nas mudas, aos oito e aos 15 dias após a semeadura. O fertilizante organo-mineral comercial Fertamin apresentou os melhores resultados para massa seca da parte aérea, massa seca da raiz e número de folhas. Dentre os biofertilizantes, aquele à base de esterco de curral fresco, cinzas, leite e caldo de cana apresentou os menores valores para essas mesmas características avaliadas. O composto orgânico foi o que apresentou os maiores valores para todas as características avaliadas, exceto para comprimento da raiz.The development of lettuce plantlets was evaluated, employing different substrate types and applying foliar biofertilization. The research was done in a green house in Mossoró, Rio Grande do Norte State, Brazil. The experimental design was of randomized blocks with four replications. The treatments were composed of the interaction substract type (composed organic, Golden Mix 11, washed sand and humus + washed sand 1:1 and fertilizer (the commercial organo-mineral Fertamin, the witness and tree biofertilizer types. Plantlets were foliar fertilized 8 and 15 days after sowing date. Plantlets treated with Fertamim presented the best results in the dry matter of the aerial part, dry matter of roots and number of leaves. Among the biofertilizers, the one based on cattle manure, leached ash, milk and broth of sugar cane presented the lesser values for the

  5. Fertilidade de substratos para mudas de mangabeira, contendo fibra de coco e adubados com fósforo

    OpenAIRE

    Dias,Thiago Jardelino; Pereira,Walter Esfrain; Sousa,Geocleber Gomes de

    2007-01-01

    Este experimento foi executado no Centro de Ciências Agrárias da UFPB, Areia, Estado da Paraíba, com objetivo de avaliar a fertilidade de substratos compostos por diferentes concentrações de fibra de coco (0 a 40%), esterco bovino (0 a 25%), terra vegetal (25 a 70%), 15% de areia e adubados com superfosfato triplo (0; 5,5 e 11 g L-1). Houve aumento das características químicas desejáveis do substrato com aumento da concentração de terra vegetal, fibra de coco e dose máxima do superfosfato tri...

  6. Qualidade fisiológica de sementes de pitangueira submetidas a diferentes procedimentos de secagem e substratos - Parte 1 Physiological quality of surinam cherry seeds submitted to different procedures of drying and substrates - Part 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia H. de M. Sena

    2010-04-01

    Full Text Available Propôs-se, no presente trabalho, determinar o procedimento de secagem e substratos ideais para avaliar a viabilidade e o vigor de sementes de pitangueira (Eugenia uniflora L.. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2 x 4 (2 procedimentos de secagem: à sombra e ao sol; 4 substratos: Areia, vermiculita, pó-de-coco e papel toalha com quatro repetições de 25 sementes cada uma. Caracterizou-se a curva de absorção de água pela semente e se avaliaram os seguintes parâmetros: germinação (%, primeira contagem de germinação (%, índice de velocidade de germinação e sementes mortas (%. O experimento foi conduzido em germinador do tipo BOD, regulado a temperatura constante de 25 ºC e regime de luz contínua. Nas condições em que o trabalho foi realizado, a secagem à sombra e o substrato vermiculita podem ser recomendados para avaliar a qualidade fisiológica, porque proporcionaram maior germinação e desenvolvimento inicial das plântulas de pitangueira.The present work had as its objective to determine the ideal procedure of drying and the substrate to evaluate the viability and vigour of surinam cherry seeds (Eugenia uniflora L.. The experiment was developed in a completely randomized design in factorial scheme 2 x 4 (2 procedures of drying: shade and sun; 4 substrates: sand, vermiculite, coconut fiber and paper towels with four replications of 25 seeds each. The water absortion curve was characterized and the following parameters were analyzed: germination percentage, first germination count (%, germination speed index and dead seeds (%. The experiment was conducted in a BOD germinator regulated at constant temperature of 25 ºC and regime of continuous light. In the conditions where the work was carried out, the drying under shade and vermiculite may be recommended to evaluate the vigour because they provided the best germination and initial development of surinam cherry seedlings.

  7. USE OF BANANA TREE PSEUDOSTEM ENRICHED WITH NITROGEN AND PHOSPHOROUS AS SUBSTRATE FOR CULTIVATION OF FERNS USO DE PSEUDOCAULE DE BANANEIRA ENRIQUECIDO COM NITROGÊNIO E FÓSFORO COMO SUBSTRATO PARA O CULTIVO DE SAMAMBAIAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suerlani Aparecida Ferreira Moreira

    2009-12-01

    ="font-size: small;">KEY-WORDS: <em>Polypodium persicifoliumem> var. <em>mettenii> Desv.; foliar analysis; mineral nutrients; <em>Dicksonia sellowianaem>; alternative substrates.

    A proibição do uso de substratos à base de fibra de xaxim, devido à sua matéria-prima (<em>Dicksonia sellowianaem> estar ameaçada de extinção, levou à necessidade de se selecionar substratos alternativos. A bananicultura gera um grande volume de resíduos de pseudocaule, que, por suas características físicoquímicas, podem ser uma alternativa na composição de substratos para plantas ornamentais, em substituição à fibra de xaxim, principalmente se associada à adubação. O presente trabalho objetivou determinar a produção de biomassa, estado nutricional e disponibilidade de nutrientes para samambaias, testando-se substratos contendo fibra de xaxim (FX e pseudocaule de bananeira (PB, e adubação com N e P. Os substratos apresentaram proporções de areia:solo:FX e de areia:solo:PB, numa relação 1:1:2, em volume. Testaram-se doses de 0 mg dm-3; 68,5 mg dm-3; 137,0 mg dm-3; 205,5 mg dm-3; e 374,0 mg dm-3 de N e de 0 mg dm-3; 97,7 mg dm-3; 195,4 mg dm-3; 291,9 mg dm-3; e 390,8 mg dm-3 de P2O5. O número de folhas emitidas pela samambaia não diferiu, significativamente, em resposta aos substratos ou às doses de N e P2O5, verificando-se semelhante comportamento na maioria das avaliações minerais do

  8. Alterações das características químicas de três substratos comerciais na produção de mudas cítricas Change of the chemical characteristics of three commercial substrates in the production of citric seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Luís Fochesato

    2008-08-01

    Full Text Available Avaliou-se a dinâmica dos nutrientes em três substratos comerciais em que cultivaram-se mudas cítricas, desde o momento da repicagem dos porta-enxertos até a fase final de produção das mesmas. O experimento foi conduzido em ambiente protegido, sendo as mudas cultivadas em citropotes de 4L. O experimento foi desenvolvido na Estação Experimental Agronômica da UFRGS em Eldorado do Sul, RS, no período de junho/2003 a novembro/2004, e obedeceu ao delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 3 x 2, sendo: 3 substratos comerciais de cultivo (Comercial 1, 2 e 3 - composto de turfa preta; cascas processadas e enriquecidas, perlita, vermiculita expandida e turfa; e, casca de pinus compostada e vermiculita, respectivamente, 3 porta-enxertos (Trifoliata - Poncirus trifoliata [L.] Raf.; citrangeiro 'C13' - Citrus sinensis [L.] Osbeck x P. trifoliata [L.] Raf.; e limoeiro 'Cravo' - C. limonia Osbeck e 2 variedades copa (laranjeira 'Valência' C. sinensis [L.] Osbeck e a tangerineira 'Montenegrina' - C. deliciosa Tenore. Empregou-se o sistema de irrigação por gotejamento. Avaliou-se a caracterização química dos substratos e conteúdo nutricional foliar e a massa seca da raiz e da parte aérea. Nas condições deste experimento, os substratos apresentam perdas consideráveis de nutrientes, especialmente de fósforo e potássio. No entanto, observa-se que o substrato Comercial 2 apresenta maior aporte de nutrientes, quando comparado com os outros substratos, proporcionando maior acúmulo de massa seca nos porta-enxertos, no momento da enxertia e nas mudas cítricas no final do experimento.The dynamics of nutrients in three commercial substrates were evaluated, from the transplanting until final nursery. The rootstocks were cultivated in 4L containers under greenhouse conditions. The experiment was developed at Estação Experimental Agronômica of UFRGS from June/2003 to November/2004, with the experimental design of

  9. Efeito de diferentes substratos e condições ambientais na germinação de sementes de Euterpe edulis Mart. e Geonoma schottiana Mart Effects of different substrates and environmental conditions upon the germination of seeds of Euterpe edulis Mart, and Geonoma schottiana Mart

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francismar Francisco Alves Aguiar

    1990-01-01

    Full Text Available Duas espécies da família Palmae: Euterpe edulis Mart. (palmiteiro e Geonoma schottiana Mart. (guaricanga, ambas com potencial ornamental e em vias de extinção, estão sendo estudadas no Instituto de Botânica de São Paulo, quanto à germinação de suas sementes. Testes de germinação foram realizados em diferentes condições ambientais (casa de vegetação e laboratório e substratos (terra vegetal, areia, esfagno natural, esfagno seco moído e vermiculita. O efeito dos substratos e dos ambientes na germinação das sementes, foi avaliado através da porcentagem de germinação e velocidade de germinação (V.G.. Considerando-se os resultados obtidos, pode-se concluir que o melhor substrato para germinação de Euterpe edulis Mart. em casa de vegetação foi o esfagno natural. Já em condições controlada (25ºC e fotoperíodo de 12 horas, o melhor substrato para germinação das duas espécies investigadas foi a vermiculita.Two species of the family Palmae: Euterpe edulis Mart, (palmiteiro and Geonoma schottiana Mart, (guaricanga, both potentially ornamental and threatened by extinction, are being studied for seed germination. Tests were undertaken in different environmental conditions (greenhouse and laboratory and substrates (organic soil, sand, green sphagnum moss, dry, ground spahgnum and vermiculite. The effect of environmental conditions and substrates upon the germination of seeds was evaluated by the percentage germination and rate of germination (V.G. percentages. The best substrate for the germination of Euterpe edulis Mart., in greenhouse was green sphagnum moss. Under controlled conditions (25ºC and 12 hours photoperiod, the best substrate for germination of both species investigated was vermiculite.

  10. Substratos e temperaturas para testes de germinação e vigor de sementes de Amburana cearensis (Allemão A.C. Smith Temperatures and substrates for germination and vigor test of Amburana cearensis (Allemão A.C. Smith Seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Sales Guedes

    2010-02-01

    Full Text Available A Amburana cearensis (Allemão A.C. Smith é uma espécie nativa da Região Nordeste, que vem sendo progressivamente explorada na movelaria fina, na perfumaria e na medicina, fazendo-se necessários estudos que auxiliem em sua preservação. Este trabalho teve como objetivo definir substratos e temperaturas para a condução de testes de germinação e vigor com sementes de A. cearensis. O experimento foi realizado em delineamento inteiramente casualizado com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 5 x 5, com os fatores temperaturas (20, 25, 30, 35 ºC constantes e 20-30 ºC alternadas e substratos (rolo de papel Germitest, areia, vermiculita, bioplant® e plantmax®, em quatro repetições de 25 sementes. Foram analisadas as seguintes características: porcentagem e velocidade de germinação, comprimento e massa seca de plântulas (raiz e parte aérea. A temperatura de 35 ºC mostrou-se mais adequada para a condução dos testes de germinação e vigor, independentemente do substrato utilizado. Os substratos areia e vermiculita foram os mais apropriados para avaliação da qualidade fisiológica das sementes.Amburana cearensis (Allemão B.C. Smith is a species native to the Northeast Region of Brazil. It has been increasingly exploited for fine woodworking, perfumery and medicine, therefore the need for studies that can assist in its preservation. The objective of this work was to determine substrate type and optimum temperature for A. cearensis seed germination and vigor tests. The experiment was carried out in complete randomized design with the treatments distributed in a 5 x 5 factorial scheme, using temperatures (constant of 20, 25, 30 and 35ºC and alternate of 20-30ºC and substrates (Germitest paper, sand, vermiculite, bioplant and plantmax with four replicates of 25 seeds each. The following parameters were analyzed: germination percentage, germination speed, length and dry mass of seedlings. The optimum temperature for A

  11. Efeito dos substratos artificiais no enraizamento e no desenvolvimento de estacas de maracujazeiro-azedo (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg Effect of the artificial substrates on the rooting and budding of passion fruit (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. cuttings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JAIME ABRÃO DE OLIVEIRA

    2002-08-01

    Full Text Available Os ensaios foram instalados em casa de vegetação na Embrapa Cerrados, Planaltina-DF, em agosto de 1999. Nos primeiros 30 dias, estacas da cultivar MSC (Marília Seleção Cerrados foram mantidas sob nebulização com duas regas diárias. Avaliaram-se os seguintes parâmetros: percentagens de estacas brotadas, enraizadas, com fungos, peso de matéria fresca e seca da parte aérea e das raízes, aos 90 dias após o plantio. O estudo foi composto de dois experimentos. No primeiro, utilizaram-se estacas coletadas em agosto de 1999, e oito tipos de substratos. O Plantmax Florestal EstacaÒ proporcionou maior brotação e enraizamento, e ainda menorincidência de estacas contaminadas por Colletotrichum gloeosporioides, comparativamente ao substrato à base de Plantmax Hortaliças.Ò O aditivo NutriplantaÒ quando combinado com o fertilizante OsmocoteÒ, no substrato à base de Plantmax Florestal EstacaÒ, proporcionou maior brotação e enraizamento e também menor incidência de estacas contaminadas com C. gloeosporioides. No segundo ensaio, utilizaram-se estacas do híbrido RC1 ((F1: Marília x Roxo Australiano x Marília, coletadas em agosto de 2000, tratadas com 2.000 ppm de AIB, plantadas em bandejas de poliestireno expandido com doze tipos de substratos. Para enraizamento das estacas do Híbrido RC1, não houve diferença entre os substratos testados. A adição de um g de Osmocote® por estaca, aos 30 dias após o plantio no substrato Plantmax Florestal Estaca® , proporcionou o melhor desenvolvimento da parte aérea das estacas do Híbrido RC1.The experiments were carried out (August to November of 1999 and 200 under greenhouse conditions in Embrapa Cerrados, Planaltina-DF. In the first assay, passion fruits (Cv. Marília-MSC cuttings containing two internodes were immersed in IBA (indolbutiric acid solution at 2000 ppm for 10 seconds and planted in expanded polystyrene trays, with 72 units containing eight organic substrates. The evaluation

  12. Influência de diferentes tipos de estacas e substratos na propagação assexuada de hortênsia [Hydrangea macrophylla (Thunb. Ser.] Influence of different types of stem cuttings and substrates on the asexual reproduction of hydrangea (Hydrangea macrophylla (Thunb. Ser.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petterson Baptista da Luz

    2007-06-01

    Full Text Available A hortênsia (Hydrangea macrophylla é um arbusto semilenhoso de 1,0 a 2,5 m de altura, de folhagem e florescimento decorativos, muito utilizados como flor de vaso e planta para paisagismo. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de estudar o enraizamento de estacas de três partes da planta: apical, mediana e basal; em três tipos de substratos: terra, areia e vermiculita, para a formação de mudas. As estacas foram retiradas das plantas matrizes e divididas em segmentos apical, mediano e basal, os quais foram colocados para enraizar em bandejas de isopor, nos substratos areia, terra e vermiculita, em estufa com nebulização. As estacas que apresentaram melhor qualidade de raízes foram as originadas da parte basal do ramo, sendo que o melhor enraizamento foi observado nas estacas colocadas em areia. As estacas obtidas de diferentes partes da planta não se diferenciaram quanto à porcentagem de enraizamento e quanto ao número de brotos formados. Já os substratos que proporcionaram o maior número de brotações foram a areia e a terra. Algumas estacas apresentaram formação de flores, ocorrendo com maior freqüência nas estacas apicais, sem efeito dos substratos. A areia foi o substrato que proporcionou os melhores resultados quanto à qualidade das raízes e porcentagem de enraizamento. O substrato terra foi superior apenas para o número de brotos por estaca, porém não diferenciou estatisticamente da areia. Mudas formadas de estaca da parte basal da planta se mostraram com qualidade superior.The Hydrangea (Hydrangea macrophylla is a semi-ligneous shrub measuring 1.0m to 2.5m in height with decorative foliage and flat-topped or rounded clusters of white, pink, or blue flowers widely used as vase or pot flower as well as landscaping plant. The objective of this research work was to study the rooting of stem cuttings obtained from three different parts of the plant: apical, median and basal portions of the stems, in three different

  13. Alterações morfofisiolócias de plantas de abacaxizeiro influenciadas por diferentes substratos durante o processo de aclimatização Morphophysiological changes of pineapple plants influenced by different substrates during the process of acclimatization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francyane Tavares Braga

    2011-10-01

    Full Text Available Objetivou-se determinar um substrato adequado para aclimatização de plantas micropropagadas de abacaxizeiro 'Gomo de Mel' e a sua caracterização anatômica, durante este processo. O enraizamento dos brotos foi realizado em meio MS acrescido de 30 g L-1 de sacarose e 6 g L-1 de ágar. As culturas foram mantidas em sala de crescimento a 25±1º C, 36µmol m-2 s-1 durante 16 horas diárias. Após 60 dias, brotos enraizados foram removidos dos frascos e distribuídos em tubetes, contendo os seguintes tratamentos: 1 A+X+H (areia, xaxim e húmus (1:1:1; 2 substrato comercial plantmax®; 3 vermiculita e 4 combinação 1:1 de plantmax® + vermiculita. As características anatômicas foram avaliadas nas plântulas ainda in vitro e aos 7; 15; 30 e 60 dias de aclimatização. As folhas de transição também foram caracterizadas. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e quatro repetições com cinco plantas. Maiores comprimentos da parte aérea, massa fresca e seca da parte aérea e raízes, foram observados com o uso de areia + xaxim + húmus. Para número de folhas, massa fresca de raízes e massa seca de parte aérea, não houve diferença entre os substratos. Quanto às características anatômicas, o substrato vermiculita, no período de 60 dias de aclimatização, promoveu as maiores espessuras dos tecidos que compõe o limbo foliar.This work aimed to determine a right substrate for acclimatization of pineapple 'Gomo de Mel' plantlets and its anatomical characterization during this process. Rooting of the shoots was done in MS medium supplemented with 30 g L-1 sucrose and 6 g L-1 agar. Cultures were maintained in growth room at 25±1º C, 36µmol m-2 s-1 during 16 hours. After 60 days, rooted shoots were removed from the bottles and distributed in tubes containing the following treatments: 1 A+X+H (sand, fern tree fiber and humus (1: 1: 1; 2 commercial substrate Plantmax®; 3 vermiculite and 4

  14. Germinação e vigor de sementes de Sapindus saponaria L. submetidas a tratamentos pré-germinativos, temperaturas e substratos Germination and vigor of Sapindus saponaria L. seeds submitted pre-germinative treatments, temperatures and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucicléia Mendes de Oliveira

    2012-04-01

    Full Text Available Sapindus saponaria L. é uma árvore de grande porte distribuída especialmente na região Amazônica, sendo de grande importância para o reflorestamento de áreas degradadas, na construção civil e confecção de brinquedos. O objetivo dessa pesquisa foi testar tratamentos pré-germinativos para superar a dormência e avaliar o efeito da temperatura e do substrato na germinação das sementes de S. saponaria. O experimento foi conduzido em ambiente protegido e no Laboratório de Análise de Sementes (LAS da Universidade Federal da Paraíba. Dois ensaios foram desenvolvidos, sendo no primeiro testados os seguintes tratamentos: imersão das sementes em ácido sulfúrico (H2SO4 por 0, 15, 30, 45 e 60 minutos, analisando-se as variáveis: emergência e índice de velocidade de emergência, comprimento e massa seca de plântulas. No segundo ensaio foi avaliado o efeito das temperaturas (25, 20-30, 30 e 35°C e substratos (areia, vermiculita e pó-de-coco na germinação e no vigor das sementes. Pelos resultados constata-se que a imersão das sementes de S. saponaria em ácido sulfúrico por 60 minutos é suficiente para superar a dormência acelerando e uniformizando a emergência das plântulas. A melhor condição para executar o teste de germinação é empregando temperatura constante de 30°C ou alternada de 20-30°C em substrato vermiculita ou apenas 30°C combinado com o substrato areia.Sapindus saponaria L. is a large tree distributed especially in the Amazon region is of great importance for the reforestation of degraded areas, construction and manufacture of toys. The aim of this study was to test pre-germination treatments to overcome dormancy and to evaluate the effect of temperature and substrate on seed germination of S. saponaria. The experiment was conducted in a protected ambient and the Seed Analysis Laboratory (SAL, Universidade Federal da Paraíba. Two tests were developed, and tested first in the following treatments: seeds

  15. Efeito de substratos, luz e sobreposição de papel de filtro na esporulação de Corynespora cassiicola Effect of substrates, light and filter paper on Corynespora cassiicola sporulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Muliterno de Melo

    2010-09-01

    Full Text Available O experimento foi realizado no Laboratório de Fitopatologia - Micologia, na Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Passo Fundo, com a finalidade de avaliar a esporulação de Corynespora cassiicola em diferentes substratos. Para isso foram usadas placas de petri com seis diferentes meio de cultura - Batata Dextrose Ágar (BDA, Solução Czapek Ágar, Alimento infantil, Malte Ágar, Farinha de aveia e suco V8 Ágar e quatro combinações (com luz alternada e sobreposição de papel filtro, com luz alternada e sem sobreposição de papel filtro, sem luz com sobreposição de papel filtro e sem luz e sem sobreposição de papel filtro. O delineamento experimental usado foi fatorial triplo (substrato, luz/escuro, com ou sem sobreposição de papel filtro. Na avaliação de esporulação do fungo, foram cortados dois discos de 0,241cm² em cada placa dos diferentes substratos e colocados em tubos de ensaio contendo 10mL de água destilada. Esses tubos foram agitados e de cada um foram retiradas três alíquotas de 10mL para contagem de conídios no microscópio óptico. Os dados foram transformados em número de esporos.cm². A maior esporulação do fungo foi obtida com o substrato Solução Czapek-Ágar, com fotoperíodo de 12 horas e sobreposição de papel filtro.This experiment was carried out in the Laboratory of Phytopathology - Mycology - School of Agronomy and Veterinary Medicine, Passo Fundo University, in order to evaluate Corynespora cassiicola sporulation on different substrates. Thus the used Petri plates contained six different culture media - Potato Dextrose Agar (PDA, Czapek Solution Agar, infant food, Malt Agar, Oatmeal Agar, and V8 juice agar, besides four combinations (with both light and filter paper, with light and without filter paper, with filter paper and without light, and without light and without filter paper. Experimental design was triple factorial (substrate, light / dark, with or without

  16. Análise de antenas de microfita com substratos anisotrópicos usando computação simbólica e método dos momentos.

    OpenAIRE

    Ildefonso Bianchi

    2006-01-01

    Neste trabalho é estabelecido um procedimento para a obtenção dos campos eletromagnéticos em estruturas com múltiplas camadas, anisotrópicas ou não, e respectivas funções de Green. Os cálculos são efetuados no domínio de Fourier com auxílio da programação simbólica do Mathematica. Análises das características de irradiação são realizadas para dipolos de meia onda e antenas de microfita retangulares e circulares, sobre substratos isotrópicos. Síntese de redes de antenas circulares, para aplica...

  17. Growth of lulo (Solanum quitoense Lam. plants affected by salinity and substrate Crescimento de plantas de lulo (Solanum quitoense Lam. afetadas por salinidade e substratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Liliana Flórez

    2008-06-01

    Full Text Available The effects of 0, 30 and 60 mM NaCl and substrates (red peat, sand or 3:1:1 [w/w] mixture of peat, sand, or soil on vegetative growth of lulo, an Andean fruit species, during 12 weeks were studied. The experiment was carried out by using 2000 cm³ of polypropylene plastic pots under greenhouse conditions. Plant height, number of leaves and nodes, leaf area, total plant dry matter (DM, and shoot/root ratio were evaluated. With the increase of salt concentration, the plant height, the number of leaves and nodes, the leaf areas and plant dry mass DM decreased, whereas shoot/root ratio increased. Sand grown lulo plants were most affected by salinity and presented total mortality at 60 mM NaCl. On the other hand, plants held either in peat or in substrate mixture developed larger height, greater leaf and node numbers, higher leaf area and dry matter content. Shoot/root ratio in control (soil and sand-grown plants (30 mM NaCl was lower.Durante 12 semanas, foi estudado o efeito de 0; 30 e 60 mM de NaCl e dos substratos (turfa vermelha, ou de mistura de turfa, areia, ou solo 3:1:1 [w/w] sobre o desenvolvimento vegetativo de lulo, uma espécie de fruto originária dos Andes. O experimento foi feito em condições de casa de vegetação, utilizando vasos plásticos de polipropileno de 2.000 cm³. Foram avaliadas as mudanças em altura de planta, número de folhas e nós, área foliar, massa seca total da planta (DM e relação raiz parte aérea. Com o incremento da concentração salina, a altura de planta, o número de folhas e de nós, as áreas foliares e a massa seca da planta diminuíram, enquanto a relação parte aérea/raiz aumentou. As plantas de lulo cultivadas em areia foram as mais afetadas pela salinidade e apresentaram mortalidade total aos 60 mM de NaCl. Assim, as plantas mantidas em turfa ou na mistura de substratos apresentaram maiores alturas, número de folhas e nós, áreas foliares e conteúdo de massa seca. A relação parte a

  18. Características morfofisiológicas de abacaxizeiro 'gomo de mel' enraizado in vitro sob luz natural e substrato vermiculita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francyane Tavares Braga

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito da vermiculita, ágar, da luz artificial e a da natural no enraizamento in vitro de brotos de abacaxizeiro 'Gomo de Mel', bem como caracterizar anatomicamente essas plantas. O trabalho foi realizado no laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais, do Departamento de Agricultura - UFLA, Lavras-MG. Foram utilizados brotos com 2 cm de comprimento, cultivados em meio MS acrescido de 30g.L-1 de sacarose. Testaram-se dois suportes físicos: 6g.L-1 de ágar e 15 g.L-1 de vermiculita para o enraizamento dos brotos em dois ambientes: sala de crescimento a 25±1 ºC, 45 W.m-2.s-1 durante 16 horas e casa de vegetação com radiação de 115,08 W.m-2.s-1 e 33 ºC (luz natural. Após 60 dias, avaliaram-se comprimento de parte aérea, massa fresca e seca de parte aérea e raízes, espessuras dos tecidos do limbo foliar, além de número, diâmetro polar e equatorial dos estômatos. O experimento foi instalado em delineamento inteiramente casualizado. Os resultados mostraram-se significativos para interação entre suportes físicos e ambientes para todas as variáveis analisadas. O uso do substrato vermiculita em luz artificial apresentou melhores resultados para todas as variáveis, exceto para número de estômatos. Para as características anatômicas, maiores espessuras dos tecidos do limbo foliar foram verificadas quando se utilizaram vermiculita e luz natural, sendo que, para o uso de ágar, também houve aumento das espessuras somente quando se utilizou o ambiente de luz natural. Quanto ao número de estômatos/mm², não houve diferença significativa para os tratamentos. Maior diâmetro polar e equatorial foi observado em estômatos de folhas cultivadas em luz artificial e vermiculita, e luz natural e vermiculita, respectivamente.

  19. Evolução da qualidade do substrato de uma área minerada no cerrado revegetada com Stylosanthes spp Evolution of substrate quality of a mined area in the Brazilian Savanna after revegetation with Stylosanthes spp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas C. R. Silva

    2010-01-01

    Full Text Available A retirada da camada superficial do solo e a escavação do subsolo pela mineração deixam expostos materiais inadequados ao estabelecimento e desenvolvimento de plantas. Nesses locais a regeneração natural é incipiente, de modo que intervenções que visem à melhoria do substrato são necessárias para o restabelecimento da vegetação. Este trabalho teve por objetivo avaliar a evolução física, química e biológica de um substrato minerado no Distrito Federal após a introdução de uma cobertura herbácea de Stylosanthes spp. Os resultados mostram que as operações necessárias para a implantação do estrato herbáceo e o desenvolvimento das plantas melhoraram significativamente os atributos avaliados. Os parâmetros químicos foram os mais modificados e os físicos, os que menos evoluíram após dois anos da revegetação. Houve, ainda, recuperação satisfatória do teor de matéria orgânica do substrato, mas a atividade microbiana permaneceu em cerca de 60% da encontrada em solos sob vegetação nativa de Cerrado.Removal of superficial soil layer and mining expose the material unsuitable for plant growth. In such areas, natural regeneration is incipient and intervention to improve substrate quality is necessary for the reestablishment of a vegetative cover. This study aimed to evaluate physical, chemical, and biological evolution of a mined substrate in the Federal District of Brazil after the establishment of a Stylosanthes spp. herbaceous cover. Results show that the operations necessary for planting and growth of plants improved all measured parameters. The chemical attributes of substrate were the most improved and physical characteristics were the ones that least evolved two years after the establishment of revegetation. There was a satisfactory recovery of organic matter content, but microbial activity represented only 60% of the value measured in soils under native vegetation.

  20. Efeito do fósforo, fumigação do substrato e fungo micorrízico arbuscular sobre o crescimento de plantas de mamoeiro Effect of phosphorus, soil fumigation and mycorrhizal colonization on papaya growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. T. A. Minhoni

    2003-10-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da inoculação com o fungo micorrízico arbuscular (FMA, Glomus macrocarpum, da fumigação do substrato e da adição de fósforo solúvel (60, 120, 240 e 480 mg kg-1 de P no solo sobre as variáveis altura, número de folhas e diâmetro do caule de plantas de mamoeiro cv. Sunrise Solo.O FMA edoses crescentes de fósforo, isoladamente, exerceram efeitos significativos sobre essas variáveis. Não houve efeito significativo do fator fumigação do substrato. O efeito da inoculação foi mais acentuado no tratamento com adição de 60 mg kg-1 de P no solo. A inoculação com G. macrocarpum reduziu a necessidade de fósforo para o mamoeiro, tanto que as variáveis estudadas em plantas inoculadas na ausência de adubação fosfática não diferiram de plantas não inoculadas em substrato adicionado de mais de 240 mg kg-1 de P no solo.The effects of inoculation with arbuscular mycorrhizal fungus (AMF, substratum fumigation, and addition of soluble phosphate on papaya plant cultivar "Sunrise Solo" parameters (height, leaf number, and stem diameter were studied. Separate treatments with AMF inoculation (Glomus macrocarpum and increasing phosphorus levels (60, 120, 240, and 480 mg kg-1 of P in soil influenced these parameters significantly, while the factor substratum fumigation had no significant effect. The inoculation effect was most expressive when 60 mg kg-1 of P in soil was added. Such was the reduction in phosphorus requirement of papaya by Glomus macrocarpum inoculation, that the studied parameters between inoculated plants without phosphate addition and not-inoculated ones in substratum enriched with over 240 mg kg-1 of P in soil did not differ.

  1. Substratos alternativos ao xaxim e adubação de plantas de orquídea na fase de aclimatização Alternative substrates to xaxim and fertilization on orchids plantlets acclimatization phase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aparecida Gomes de Araujo

    2007-04-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar substratos e adubação em plantas de orquídea da espécie C. loddgesii "Alba" x C. loddgesii "Atibaia". Plantas oriundas de cultivo in vitro foram transplantadas para bandejas coletivas contendo pó de xaxim e aclimatizadas em casa de vegetação. Após seis meses, quando as plantas tinham de 3,0 a 5,0cm de comprimento, foram transferidas para bandejas de plástico com 24 células de 150cm³ cada contendo os substratos brita no 0, casca de arroz carbonizada (CAC, xaxim desfibrado e fibra de piaçava e submetidas a adubações semanais com Biofert Plus® (5,0mL L-1, Dyna-Grow® (2,5mL L-1 e formulação elaborada. Após 12 meses, verificou-se que os melhores substratos para plantas da orquídea C. loddgesii "Alba" x C. loddgesii "Atibaia" são casca de arroz carbonizada e fibra de piaçava, e melhores respostas à adubação são obtidas com o adubo foliar Biofert Plus®.This paper was aimed at studing different substrates and fertilization for the development of C. loddgesii 'Alba' x C. loddgesii 'Atibaia' orchid species. Seedlings from in vitro culture were transplanted to plastic trays containing xaxim powder. After 6-months of acclimatization inside a greenhouse, plantles measuring beetwen 3.0 to 5.0cm length were transferred to 24 cell trays with a volume of 150cm³. Four substrates were tested (broken stone number 0, carbonized rice hulls, defibered xaxim and piassava fiber with tree different fertilizations (Biofert Plus®, Dyna Grow® and a specific formulation developed for this work. Pure water was tested as control. After 12-months of growth the best treatments for the acclimatization of in vitro produced C. loddgesii 'Alba' x C. loddgesii 'Atibaia' orchid plantlets were carbonized rice hulls or piassava fiber substrates combined with leaf fertilizer Biofert Plus®.

  2. Avaliação de substratos orgânicos na produção de mudas de hortelã (Mentha gracilis R. Br. e Mentha x villosa Huds. Evaluation of organic substrates on mint (Mentha gracilis R. Br. and Mentha x villosa Huds. seedling production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D Paulus

    2011-01-01

    Full Text Available A determinação de substratos alternativos viáveis para a produção de mudas de plantas medicinais é de grande relevância, pois o aproveitamento de resíduos de atividades agrícolas representa alternativa para problemas ambientais e sociais. Os experimentos foram realizados em ambiente protegido e a campo, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, com o objetivo de avaliar substratos orgânicos para produção de mudas de hortelã para cultivo a campo. O delineamento experimental foi blocos casualizados, com três repetições, em esquema fatorial, sendo avaliados quatro substratos [esterco bovino + vermiculita + areia (1:1:1, esterco bovino + areia + solo (1:1:1, solo + vermiculita + cama-de-aviário (1:1:1 e substrato organo-mineral Plantmax® HA] e duas espécies de menta (Mentha gracilis e Mentha x villosa. Foram analisadas a altura da plantas e o número de folhas aos 07, 14 e 21 dias após o transplantio, índice de mortalidade, massa fresca e seca da parte aérea e das raízes. Não houve interação entre as espécies de menta e substratos para as variáveis analisadas. O substrato organo-mineral Plantmax® apresentou os melhores resultados para o número de folhas (8,44, altura (8,46 cm, produção de massa fresca (1,56 g planta-1, seca (0,23 g planta-1 e 100% de pegamento de mudas a campo o que para o produtor de menta é de grande interesse. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que para a produção de mudas de Mentha gracilis e Mentha villosa o substrato Plantmax® HA é o mais recomendado.The determination of viable alternative substrates is of great importance for the production of medicinal seedlings since the use of residues from agricultural activities represents an alternative to solve environmental and social problems. The experiments were carried out in protected environment and in the field, located in the Federal Technological University of Paraná, Dois Vizinhos Campus, Paran

  3. Adição de gesso agrícola e cinza de madeira ao substrato no desenvolvimento de mudas de baruzeiro (Dipteryx alata Vog

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. Freitas

    2015-12-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de mudas de baruzeiro (Dipteryx alata Vog em função de proporções de gesso (0%; 1,6%; 3,2%; 4,8% e 6,4% com base em volume e adubação com cinza de madeira (ausência e presença misturadas ao substrato Bioplant®. Constituiu-se assim um esquema fatorial 5x2, em delineamento inteiramente ao acaso, com três repetições e quatro plantas por parcela. O experimento foi conduzido de janeiro a março de 2009, em viveiro com cobertura e laterais de sombrite preto (50% da luminosidade natural, situado na Fazenda Japão, município de Orizona, Goiás. Como recipiente foram utilizados sacos de polietileno de 15 x 25 cm, onde colocou-se uma sementes por recipiente, ficando a extremidade superior da semente cerca de 2,0 cm de profundidade. As irrigações foram realizadas diariamente, no período da tarde. Aos 152 dias após a semeadura, avaliou-se altura de muda (AM, diâmetro de caule (DC, número de folha (NF, número de folíolos por folha (NFF, número de folíolos por planta (NFP, comprimento da raiz principal (CR, massa da matéria seca das raízes (MSR, massa seca da parte aérea (MSPA, massa seca total (MSTO e índice de qualidade de Dickson (IQD. O gesso agrícola proporcionou melhor desenvolvimento inicial das mudas de baruzeiro, no entanto sua associação com cinzas de madeira, juntamente com o substrato, não favoreceu o desenvolvimento das mudas.Addition of agricultural plaster and wood ash to substrate in baruzeiro (Dipteryx alata Vog seedlings developingAbstract: This study aimed to evaluate the baruzeiro seedlings development in function of plaster proportions (0%, 1.6%, 3.2%, 4.8% and 6.4 % based on volume and fertilization with wood ash (absence and presence added to the substrate Bioplant ®. It constitutes therefore a 5x2 factorial arrangement, in a completely randomized design with three replications and four plants per plot. The experiment was conducted from January to March

  4. Produção de mudas de eucalipto com substratos para sistema de blocos Production of eucalyptus seedlings with substrata in block systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Aparecida Soares de Freitas

    2010-10-01

    Full Text Available O trabalho objetivou determinar misturas de resíduos orgânicos para produção de mudas em sistema de blocos, que apresentassem agregação ao sistema radicular e possibilitassem bom desenvolvimento das mudas de eucalipto. Foram utilizados resíduos de fibra de coco (fibras finas - FCF, longas - FCL e mistas - FCM, casca de eucalipto (CE e torta de filtro de usina açucareira (T, obtendo-se 10 misturas. Escolheram-se quatro misturas, por meio de blocos-testes de dimensões 11,5 x 2,3 cm. As misturas escolhidas para utilização na produção das mudas foram: FCM (40% + T (60%; CE (60% + FCM (40%; CE (40% +T (60%; e CE (40% + T (30% + FCM (30%. Mudas de Eucalyptus urophylla foram produzidas por sementes em bandejas com dimensões de 40 x 60 x 7 cm, com capacidade para 96 mudas, semeadas diretamente nos blocos confeccionados com as misturas selecionadas, com e sem prensagem. Aos 90 dias após a semeadura, foi feita avaliação do diâmetro, altura, massa de matéria seca da parte aérea e do sistema radicular das mudas. Os substratos foram avaliados quanto à estabilidade do torrão e grau de agregação dos substratos às raízes. Foram realizadas análises de N, P, K, Ca, Mg, Mn, Zn e Fe da parte aérea. Os substratos selecionados apresentaram boa agregação e estabilidade. Não foram observados problemas nutricionais nas mudas. Para a produção de mudas em blocos com prensagem, recomenda-se o substrato CE (60% + FCM (40% e para sem prensagem, as misturas CE (60% + FCM (40%; CE (40% + T(60% e CE (40% + T(30% + FCM (30%.The objective of this study was to determine mixtures of regional organic residues that present aggregation to the root system and make a good development possible for Eucalyptus seedlings in block systems. Residues of coconut fiber (fine fibers - FCF, long fibers - FCL and mixed fibers - FCM, eucalyptus bark (CE and sugarcane filter cake (T were used, with ten mixtures obtained. The blocks for the expansion tests were made in

  5. Produção de celulases por Aspergillus niger por fermentação em estado sólido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ursula Fabiola Rodríguez-Zúñiga

    2011-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção enzimática de celulases pelo fungo filamentoso Aspergillus niger por fermentação em estado sólido de diferentes substratos. Foram avaliados os substratos sólidos bagaço de cana-de-açúcar, farelo de soja, farelo de trigo e misturas entre os substratos. Em substrato com 90% de bagaço e 10% de farelo de soja, avaliaram-se os efeitos do conteúdo de umidade (60, 70 e 80%, base úmida e da suplementação com os meios indutores da atividade enzimática: sacarose, Mandels & Weber básico, Mandels & Weber modificado, com acréscimo de carboximetilcelulose, e Czapeck Dox. As maiores atividades de celulase total e endoglucanase, em farelo de trigo, foram obtidas após 72 horas de cultivo: 0,4 e 21,0 UI g-1, respectivamente. Observou-se expressivo aumento nas atividades enzimáticas na medida em que se aumentou a proporção de farelos no substrato, em comparação à fermentação com bagaço de cana apenas. O conteúdo de umidade de 50% foi insuficiente para conseguir completa hidratação do bagaço de cana, e a umidade ideal varia de acordo com o meio utilizado para suplementação e encontra-se entre 70 e 80%. O meio de Mandels & Weber modificado apresenta o melhor resultado como indutor da atividade enzimática.

  6. Produtividade e qualidade de tomate com um e dois cachos em função da densidade de plantio, em hidroponia

    OpenAIRE

    Cardoso, Flávio Barcellos

    2007-01-01

    Foi realizado na Universidade Federal de Viçosa, MG, o cultivo do tomateiro tipo salada, híbrido Rebeca, longa vida, no período de 04/05/2006 a 27/10/2006. Foram avaliadas a produtividade, a qualidade dos frutos e o estado nutricional da planta do tomateiro em quatro diferentes densidades de plantio, com plantas cultivadas com um e dois cachos. O experimento foi conduzido em casa-devegetação em sistema de sub-irrigação utilizando argila expandida como substrato. As mudas de tomate do híbrido ...

  7. Desinfestação de substratos para produção de mudas, utilizando vapor de água Disinfesting substrate for transplants production employing hot water steam

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Bosco C. Silva

    2001-07-01

    Full Text Available O tratamento sanitário de substratos é uma operação importante no processo de produção de mudas e no cultivo de plantas em vasos ou outros contentores. Tradicionalmente tem-se utilizado o gás brometo de metila como agente desinfetante. Entretanto, a produção deste gás deverá ser abolida até o ano 2010, forçando-se a busca de novas opções. Desenvolveu-se na Embrapa Hortaliças um equipamento que utiliza o vapor de água à baixa pressão, produzido por uma caldeira industrial, com capacidade para evaporar 30 L/h de água, para aquecer o substrato contido em uma caixa metálica cilíndrica com capacidade de 2000 L. O vapor é aplicado no fundo da caixa que contém uma camada de brita coberta com uma tela metálica de malha de 2 mm, que favorece a distribuição uniforme do vapor por toda a massa de substrato. O tempo de aquecimento é de aproximadamente 3 horas e o calor armazenado durante este período mantém a massa de substrato aquecida a temperaturas pasteurizantes, por até 4 horas após a aplicação do vapor. Para testar a eficácia do sistema avaliou-se a sobrevivência dos patógenos Ralstonia solanacearum, Fusarium oxysporum, Sclerotinia sclerotiorum e Rhizoctonia solani. Aplicou-se vapor por uma hora, não considerando o período de aquecimento, e coletaram-se as amostras após uma, duas, três ou quatro horas o início da aplicação de vapor. O tratamento por uma hora, em adição ao período de aquecimento, resultou na eliminação dos patógenos.The disinfestation of substrate is an important process for transplanting production and for plant cultivation in pots or boxes. Traditionally, metyl bromide gas has been employed to eliminate microorganisms. However the production of bromide gas in Brazil will be interrupted by the year 2010 and it is necessary to search for new options. We have devised an equipment that utilizes hot steam water at low pressure produced into a boiler machine with the capacity of evaporating

  8. The adequacy of artificial oviposition substrates for laboratory rearing of Piezodorus guildinii (Westwood (Heteroptera, Pentatomidae Adequação de substratos artificiais para oviposição nas criações de Piezodorus guildinii (Westwood (Heteroptera, Pentatomidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia A.C. Silva

    2008-01-01

    Full Text Available Studies in the laboratory tested the suitability of synthetic wool string, cotton string, cheesecloth, and commercial cotton ball as artificial oviposition substrates for the small green stink bug, Piezodorus guildinii (Westwood (Heteroptera, Pentatomidae. In confined cages, 54% of total egg masses was laid on synthetic wool string, 31% on cotton string, and only 15% on cheesecloth. In an additional test, the best substrate selected, synthetic wool string, received 92% of egg masses compared to 8% on the commonly used substrate, cotton ball. Synthetic wool string received the most egg masses of any size, in particular those in the range 11-20 eggs/mass. Because the eggs of P. guildinii are laid in two parallel double rows, the egg masses fit the wool string perfectly.Estudos foram conduzidos em laboratório para testar a adequabilidade de cordão de lã artificial, cordão de algodão, tecido voil e bola de algodão comercial como substrato artificial para oviposição do percevejo verde pequeno, Piezodorus guildinii (Westwood (Heteroptera, Pentatomidae. Em gaiolas confinadas, 54% do total de massas de ovos foi depositado sobre o cordão de lã artificial, 31% sobre o cordão de algodão e apenas 15% sobre o tecido voil. Em teste adicional, o melhor substato selecionado, cordão de lã artificial, recebeu 92% das massas de ovos, comparado com 8% das massas depositadas sobre o substrato comumente utilizado, bola de algodão. O cordão de lã artificial recebeu o maior número de massas de ovos de qualquer tamanho, em particular aquelas com 11-20 ovos/postura. A disposição das massas de ovos de P. guildinii, com os ovos depositados em duas filas paralelas, se encaixou perfeitamente no cordão de lã sintética.

  9. Nematoides fitoparasitos em áreas de cultivo de antúrio dos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio Marcelo Gonçalves de Oliveira

    2015-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi identificar os nematoides associados a plantas de antúrio (Anthurium andraeanum cultivadas como flor de corte (13 amostras ou plantas em vaso (41 amostras nos estados de São Paulo, Paraná e Santa Catarina. Nematoides foram extraídos de 10g de raízes e 250cm3 de solo ou substrato e identificados sob microscópio de luz. A espécie mais frequente foi Radopholus similis, detectada em 54% das amostras de antúrio cultivado como flor de corte. Constituíram novas ocorrências em antúrio no Brasil: Helicotylenchus erythrinae, H. californicus, H. multicinctus, Meloidogyne paranaensis e R. similis. Entretanto, nenhum nematoide parasito de plantas foi encontrado nos antúrios cultivados em vaso, com substrato de fibra de coco.

  10. Comportamento do meloeiro em cultivo sem solo com a utilização de biofertilizante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Villela Junior Luiz Vitor E.

    2003-01-01

    Full Text Available O reaproveitamento de nutrientes após a fermentação de resíduos orgânicos em biodigestor, associado à técnica do cultivo hidropônico, é uma alternativa para reduzir custos na agricultura, além de contribuir no menor consumo das reservas naturais de nutrientes do planeta. Com esse enfoque, estudou-se o comportamento da cultura do meloeiro usando a técnica hidropônica e efluente de biodigestor proveniente da fermentação anaeróbica de estrume bovino. Cultivou-se o meloeiro (Cucumis melo L. 'Bônus 2' em condições de ambiente protegido. O delineamento estatístico utilizado foi de blocos casualizados, com 4 tratamentos (cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT com uso de solução nutritiva organo-mineral; cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT com uso de solução nutritiva 100% mineral; cultivo em sistema aberto, com substrato e solução nutritiva organo-mineral e cultivo em sistema aberto, com substrato e solução nutritiva 100% mineral e 6 repetições. Foram realizadas avaliações quanto a altura de plantas aos 50; 56; 63; 70 e 77 dias após a semeadura; tempo de colheita; peso de frutos e produtividade. As melhores respostas foram observadas no cultivo hidropônico em sistema fechado tipo NFT com uso de solução nutritiva 100% mineral. A substituição parcial de adubos minerais por biofertilizante, se mostrou viável para os tratamentos em sistema aberto (com substrato, constituindo-se em masi uma alternativa aos horticultores.

  11. Compostos orgânicos como substratos na formação de mudas de ipê-amarelo (Tabebuia Chrysotricha (Mart. Ex. Dc. Standl irrigadas com água residuária Organic compound as substrate in the formation of the yellow-ipe (tabebuia chrysotricha (mart. Ex dc. Standl sedlings irrigated with residuary water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo I. Muraishi

    2010-12-01

    Full Text Available A necessidade de estudar a utilização dos resíduos de podas de árvores é de grande importância ambiental para solucionar os problemas de resíduos sólidos existentes nas áreas urbanas junto com os resíduos de lixos domésticos. O estudo destes materiais foi avaliado com o desenvolvimento de mudas de ipê-amarelo (Tabebuia Chrysotricha (Mart. Ex. Dc. sandl em diferentes misturas de substratos e tipos de água para irrigação. O experimento foi instalado no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Câmpus de Jaboticabal. Foram realizados dois experimentos, avaliados juntamente com delineamento experimental em blocos casualizados, de oito substratos, duas qualidades de águas e quatro repetições, totalizando 64 parcelas. Cada parcela foi composta por 30 plantas (cinco linhas de seis plantas, sendo consideradas como úteis as três linhas de quatro plantas centrais da parcela. Foram testados oito substratos, resultantes da combinação de substrato comercial, composto de lixo e composto de poda de árvores com dois tipos de água de irrigação (água potável e residuária e quatro repetições. Para acompanhar o desenvolvimento das mudas de ipê-amarelo, foram avaliados a altura da parte aérea das plantas (H e o diâmetro do colmo (D. As características foram avaliadas aos 21; 42; 63 e 84 dias após a emergência. Da análise dos resultados, possibilitou-se concluir que os substratos estudados promoveram diferenças significativas para a altura média das plantas e o diâmetro de colmo, em todos os períodos de avaliação. Os substratos 4 e 5 e a água residuária apresentaram os melhores resultados no desenvolvimento das mudas de ipê-amarelo.The need to study the use of waste of tree pruning is of great importance to solve the environmental problems of solid waste in the urban areas along with the household waste. The study of these materials was evaluated with the development

  12. Influence of the substrate in germination of lychee seeds Influência do substrato na germinação de sementes de lichia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Andrade

    2004-08-01

    ão geneticamente muito desuniformes e apresentam período juvenil muito longo, demorando até 10 anos para entrar em produção; no entanto, a semente pode ser utilizada para a obtenção de porta-enxertos. Observou-se que a germinação de sementes de lichia ocorre rapidamente, reforçando a importância do uso de um substrato adequado. Pela análise dos resultados obtidos, verifica-se que o substrato que aparentemente permitiu as melhores combinações de água e disponibilidade de oxigênio para as sementes - casca de arroz carbonizada e areia lavada, foi o que proporcionou valores de germinação mais rápidos e mais altos.

  13. Controle do fornecimento e da utilização de substratos energéticos no encéfalo Modulation of energy substrate supply and consumption by the brain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.O. Schelp

    1995-09-01

    Full Text Available Correspondendo a apenas 2% do peso corpóreo, o cérebro apresenta taxa metabólica superior à maioria dos demais órgãos e sistemas. A maior parte do consumo energético encefálico ocorre no transporte iônico para manutenção do potencial de membrana celular. Praticamente desprovido de estoques, os substratos energéticos para o encéfalo são fornecidos necessariamente pela circulação sanguínea.O suprimento desses substratos sofre também a ação seletiva da barreira hemato-encefálica (BHE. O principal substrato, que é a glicose, tem uma demanda de 150 g/dia (0,7 mM/g/min. A metabolização intracelular parece ser controlada pela fosfofrutoquinase. A manose e os produtos intermediários do metabolismo (frutose 1,6 bifosfato, piruvato, lactato e acetato podem substituir, em parte, a glicose, quando os níveis sangüíneos desta encontram-se elevados. Quando oxidado, o lactato chega a responder por 21% do consumo cerebral de Ov Em situações de isquemia e inflamação infecciosa, o tecido cerebral passa de consumidor a produtor de lactato. Os corpos cetônicos também podem reduzir as necessidades cerebrais de glicose desde que oferecidos em quantidades suficientes ao encéfalo. Entretanto, devem ser considerados como um substrato complementar e nunca alternativo da glicose, pois comprometem a produção cerebral de succinil CoA e GTP. Quanto aos demais substratos, embora apresentem condições metabólicas, não existem demonstrações consistentes de que o cérebro produza energia a partir dos ácidos graxos sistêmicos, mesmo em situações de hipoglicemia. De maneira análoga, etanol e glicerol são considerados apenas a nível de experimentação. A utilização dos aminoácidos é dependente da sua captação, limitada tanto pela baixa concentração sangüínea, como pela seletividade da BHE. A maior captação ocorre para os de cadeia ramificada e destes, a valina. A menor captação é a de aminoácidos sintetizados no c

  14. Efeito da temperatura e do substrato na germinação de sementes de Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. (Leguminosae, Caesalpinoideae Effect of temperature and substrate on seed germination of Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. (Leguminosae, Caesalpinoideae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Domingues Lima

    2006-08-01

    Full Text Available Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. é uma leguminosa arbórea tropical que ocorre na região amazônica, sendo muito utilizada como planta medicinal e na arborização e paisagismo urbanos. Para viabilizar a produção de mudas, determinaram-se a melhor temperatura e o melhor substrato para a germinação das sementes. Sementes recém-colhidas apresentaram teor médio de água de 7,46%, porcentagem de germinação de 3,33% e baixo ganho de água durante a embebição, mostrando dormência tegumentar. A escarificação mecânica com lixa nº 40 foi um método eficiente para superação da dormência, comprovado pela alta porcentagem de germinação e embebição de água em sementes escarificadas. A porcentagem de germinação dessas sementes foi influenciada pela temperatura, mas não pelo substrato. Com base no tempo médio de germinação, recomenda-se a temperatura de 30 ºC e areia como substrato para germinação mais rápida de sementes escarificadas.Caesalpinia ferrea Mart. ex Tul. is a tropical legume tree occurring in the Amazon region, commonly used as medicine plant and in urban landscaping. To make seedling production feasible the best temperature and substrate for seed germination were determined. Recently harvested seeds present 7.46% mean moisture content, 3.33% germination percentage and lower moisture gain during soaking, showing tegument dormancy. Mechanical scarification with 40 grit sandpaper was proven an efficient method to overcome the dormancy, resulting in higher germination percentage and water imbibition in scarified seeds. The germination percentage of scarified seeds was influenced by temperature, but not by substrate. Based on the mean germination time, it is recommended the temperature of 30ºC and sand like substrate for faster germination of scarified seeds.

  15. Comparação de substratos com diferentes quantidades de carboidratos solúveis utilizando a técnica in vitro semi-automática de produção de gases Comparison among substrates with different soluble carbohydrates concentration using the in vitro semi-automatic gas production technique

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    U.T. Nogueira

    2006-08-01

    Full Text Available Estudou-se a diferença entre a produção de gases (PG e a degradação da matéria seca (DMS para substratos com diferentes quantidades de carboidratos solúveis avaliados pela técnica in vitro de produção de gases. Foram utilizados cinco substratos (cana-de-açúcar, silagem de milho, capim-colonião, milho em grão e ração comercial para vacas em lactação antes e após a retirada parcial dos carboidratos solúveis (lavados. A PG foi maior e a DMS menor para o material lavado. A concentração de carboidratos solúveis influenciou os resultados obtidos pela técnica de produção de gases.The difference between the gas production (GP and the dry matter degradation (DMD of substrates with different amounts of soluble carbohydrates using the in vitro gas production technique was studied. Five substrates (sugarcane, maize silage, Panicum maximum grass, corn grain, 20% CP commercial lactating cow ration and soybean meal and the same substrates with part of its soluble carbohydrate removed (washed materials were evaluated. The GP was higher and DMD was lower for washed materials than for the original materials. The carbohydrate concentration affects the results of the gas production technique.

  16. Qualidade do substrato minerado de uma área de empréstimo revegetada no distriro federal Quality of a revegeted mine spoil in the federal disrict of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Studart Corrêa

    2010-08-01

    Full Text Available O uso de resíduos orgânicos tem-se mostrado eficaz para a revegetação de áreas mineradas. Entretanto, dados acerca da qualidade de substratos tratados com resíduos orgânicos são escassos. Dessa forma, este trabalho visou avaliar a qualidade edáfica de um substrato minerado no Distrito Federal que recebeu 250 Mg ha-1 de lodo de esgoto e uma cobertura herbácea estabelecida a partir de sementes. Os atributos edáficos utilizados na avaliação foram densidade de solo, porosidade total, água disponível, resistência mecânica à penetração, ΔpH, CTC, saturação por bases, P disponível, matéria orgânica, abundância e diversidade da macrofauna de solo. Os resultados mostraram que a incorporação do lodo de esgoto e o desenvolvimento de um estrato herbáceo resultaram em melhoria das qualidades química e biológica do substrato exposto pela mineração, mas não alteraram a qualidade física dele. A dose de lodo de esgoto utilizada elevou os valores dos atributos químicos para além dos medidos em solos sob Cerrado nativo. Caso o objetivo da recuperação seja a restauração do ecossistema local, técnicas que melhorem a qualidade física do substrato e não excedam os níveis naturais de fertilidade devem ser desenvolvidas.The use of organic residues has been shown to be effective for the revegetation of mined areas. However, data on the quality of mine spoils treated with organic residues are rather scarce. This study aimed to evaluate the spoil quality of a mined area in the Brazilian Federal District treated with 250 Mg ha-1 of domestic sewage sludge and covered with herbs grown from seeds. The soil attributes used for the evaluation were bulk density, total porosity, available water capacity, soil resistance to penetration, ΔpH, CEC, base saturation, available phosphorus, organic matter content, abundance and diversity of soil macro-fauna. Results show that plowing sewage sludge into the spoil and the establishment of a

  17. Efeito de diferentes misturas de substratos orgânicos na biomassa e no óleo essencial de Thymus zygis Effect of different mixtures of organic substrates on the biomass and essential oil of Thymus zygis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Lourenço

    2011-07-01

    Full Text Available Neste ensaio avaliou-se o efeito de diferentes misturas de substrato comercial e vermicomposto na produção de biomassa, composição química e rendimento dos óleos essenciais de Thymus zygis. Utilizaram-se 5 substratos resultantes da mistura de um vermicomposto (V com um substrato orgânico comercial (O, em cinco proporções diferentes (v/v: V100 (100%V; VO75-25 (75%V+25%O; VO50 -50 (50%V+50%O; VO 25-75 (25%V + 75%O e O100 (100%O. A inclusão do vermicomposto no substrato não melhorou a produção de biomassa. Na modalidade O100 produziu-se mais biomassa, tendo sido na modalidade VO25-75 onde se obteve o valor mais baixo. Na modalidade V100 todas as plantas secaram tendo-se ainda apresentado nesta modalidade o valor mais elevado de pH e de densidade real e inversamente o menor valor de espaço poroso total. Os monoterpenos oxigenados predominaram nos óleos extraídos das plantas nas modalidades O100 e VO25-75, contrariamente ao que se verificou para os monoterpenos não oxigenados tendo estes predominado nas modalidades VO75-25 e VO50-50. A concentração de timol foi elevada nas misturas testadas, em particular na modalidade VO25-75.In this trial we evaluated the effect of different mixtures of organic growing media substratum and vermicompost and their physical properties on biomass, chemical composition and yield of essential oils of Thymus zygis. Five treatments were established based on two types of organic materials (O, commercial growing media, and V, vermicompost. The following proportions were studied (v/v: V100 (100%V; VO75-25 (75%V+25%O; VO50-50 (50%V+50%O; VO 25-75 (25%V+75%O and O100 (100%O. The inclusion of vermicompost did not improve biomass production. The treatment O100 produced more biomass and the lowest was obtained in VO25-75. On V100 treatment all plants were dead and also have showed the highest pH and particle density and conversely presented the lowest value of total pore space. Oxygenated monoterpenes

  18. Substratos para produção de mudas de mamoneira compostos por misturas de cinco fontes de matéria orgânica Substrates for castor seedlings production composed by blends of five organic materials

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosiane de Lourdes Silva de Lima

    2006-06-01

    Full Text Available O plantio de mamona (Ricinus communis L. através de mudas pode ser uma alternativa para um melhor aproveitamento da curta estação chuvosa do semi-árido brasileiro, porém ainda não se dispõe de informações básicas para o emprego desta técnica. Na formulação de substratos para produção de mudas de mamona, as características físicas, principalmente a aeração, são fatores de grande importância. O presente estudo objetivou avaliar a composição de substratos utilizando misturas de solo, esterco bovino, casca de amendoim, mucilagem de sisal, bagaço de cana e cama de frango. Utilizou-se delineamento em blocos casualizados com 12 tratamentos e quatro repetições. Sementes da cultivar BRS Nordestina foram semeadas em sacos plásticos de 17 x 28cm, contendo misturas dos materiais a serem testados. Valores de altura, área foliar, número de folhas e diâmetro caulinar foram registrados semanalmente entre 15 e 43 dias após a emergência. Na última coleta também se registraram a massa seca da parte aérea e das raízes. O substrato composto por solo + casca de amendoim + cama de frango + mucilagem de sisal propiciou o melhor crescimento das mudas. A cama de frango contribuiu para o enriquecimento químico do substrato, enquanto a casca de amendoim e a mucilagem de sisal contribuíram para adequar as características físicas de aeração e retenção de água.Planting castor (Ricinus communis L. by seedlings can be an alternative for a better use of the short rainy season at brazilian semi-arid region, however there has been a lack of information necessary for this technique adoption. Physics characteristics, mainly aeration, are very important in a substrate for castor seedlings production. A trial was run in a randomized block design with 12 treatments and 4 replications in order to evaluate substrates for castor seedlings production. Treatments were blends of sand, bovine manure, peanut hulls, agave mucilage, sugarcane bagasse

  19. Fermentação alcoólica de substrato amiláceo e hidrolisado enriquecido com melaço de cana Alcoholic fermentation of starchy hidrolisated substrate with sugar cane residue

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizandra Bringhenti

    2007-04-01

    Full Text Available A farinha constitui um dos principais produtos da mandioca, e seu uso é muito difundido em todo o País. Durante o processamento da mandioca para a obtenção da farinha é gerado um resíduo sólido proveniente da decantação da manipueira, o qual é composto essencialmente por amido. Diante da importância do aproveitamento de resíduos agroindústrias para a geração de energia e como fonte de renda para as empresas, com este trabalho objetivou-se avaliar o efeito da adição de melaço (resíduo da produção de açúcar de cana no preparo de soluções de amido para hidrólise enzimática e fermentação alcoólica. Os resultados obtidos demonstraram que a adição de melaço no resíduo amiláceo inicial em doses a partir de 10% levou a um aumento no teor de açúcares no mosto promovendo um aumento de 112% na produção de etanol, em relação ao substrato sem aditivo. Contudo, a seleção de leveduras adaptadas ao substrato faz-se necessária para um melhor rendimento em etanol.The cassava flour is a one of most important commercial product of cassava industries. During the cassava flour processing is obtained a solid residue from 'manipueira' decantation, which is characterized by high level of starch. Due the importance of the residue usage as energy source and income product for industries this work had as purpose to evaluate the addition of sugarcane residue (melaço as supplementary raw material in hydrolysis and fermentation process of cassava starch solution for ethanol production. The results showed that the increase of sugarcane residue percentage in initial solution (> 10% caused the increase of sugar concentration in must and high ethanol yield (increase of 112% when compared with substrate the without sugarcane residue. The yeast selection and substrate adaptation is necessary for increase of ethanol production from cassava starch residue.

  20. Efeito do substrato e luminosidade na germinação de Anadenanthera colubrina (Fabaceae, Mimosoideae Effect of subsrate and luminosity on the germination of Anadenanthera colubrina (Fabaceae, Mimosoideae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina da Cunha Rodrigues

    2007-04-01

    Full Text Available Angico (Anadenanthera colubrina (Vell. Brenan var. cebil (Griseb. Altschul é uma Mimosaceae arbórea de grande distribuição na América do Sul, com rápido crescimento e bastante utilizada para fornecimento de tanino, madeira, mel e resina, além de ser considerado ornamental e medicinal. O objetivo deste trabalho foi analisar comparativamente a germinação de sementes procedentes de populações de uma mesma espécie de dois locais com climas distintos. Foram observados a germinabilidade (%G, o tempo médio (t e o índice de velocidade de germinação (IVG em germinador a 30 ºC ±1 e emergência em viveiros com diferentes tipos de substratos e luminosidades. O ambiente a pleno sol proporcionou as menores taxas de germinação, maiores tempos médios e menores índices de velocidade de germinação em todos os tipos de solos. As luminosidades mais adequadas são as de 30% de luz no substrato areia e 50% de luz na terra vegetal pura. A população da cidade de Tanquinho-BA, pelo seu vigor, mostrou-se mais adaptada para estabelecimento em campo, aproveitando condições favoráveis ao subseqüente desenvolvimento. Esses comportamentos germinativos diferenciados evidenciam diferenças adaptativas aos "habitats" onde ocorrem contribuindo para o sucesso ecológico e evolutivo da espécie.Angico (Anadenanthera colubrina (Vell. Brenan var. cebil (Griseb. Altschul is a fast growing Mimosaceae, widely distributed in South America, used for production of tannin, wood, honey, resin, besides being ornamental and medicinal. The objective of this work was to analyze the germination of seeds coming from populations of a same species from two sites with different climates. Germinability (%G, average time (t and germination velocity index (GVI were studied in germination chambers at 30 ± 1ºC and nurseries with different types of substrates and luminosities. Total luminosity provided the lowest germination index, longest average time and lowest germination

  1. Volume de recipientes e composição de substratos para produção de mudas de mamoneira Recipients volume and substrate composition for castor seedlings production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosiane de Lourdes Silva de Lima

    2006-06-01

    Full Text Available A mamoneira (Ricinus communis L.é uma oleaginosa bem adaptada ao cultivo na região semi-árida por sua rusticidade e resistência ao estresse hídrico. Seu plantio é tradicionalmente feito por sementes, mas o uso de mudas pode se tornar atraente como estratégia para melhor aproveitamento da curta estação chuvosa. Para adoção desta tecnologia, a definição de aspectos técnicos como volume de recipientes, composição do substrato e período de permanência da muda no viveiro são fundamentais para o êxito da técnica. Conduziu-se experimento em casa-de-vegetação da Embrapa Algodão em Campina Grande, com sementes da cultivar de mamona de porte médio BRS Nordestina, em delineamento de blocos casualizados com 4 repetições e 25 tratamentos em distribuição fatorial 5², sendo os fatores cinco volumes de recipientes e cinco composições de substratos. Entre 15 e 43 dias após a emergência (DAE foram feitas cinco coletas destrutivas semanais para obtenção de dados de altura, diâmetro caulinar, área foliar, número de folhas e matéria seca da parte aérea e radicular. Com os dados obtidos calculou-se o tamanho da folha. Detectaram-se efeitos significativos dos tratamentos em todas as variáveis estudadas. O crescimento das mudas estabilizou-se aproximadamente aos 36 DAE, independente do volume do recipiente. Os substratos compostos por mistura de areia com esterco bovino ou casca de amendoim propiciaram o melhor crescimento das mudas, enquanto aqueles contendo bagaço de cana ou mucilagem de sisal foram os piores. Recipientes de 2 L de volume foram os mais adequados para a produção de mudas de mamoneira.Castor (Ricinus communis L. is an oilseed crop well adapted for growing at semi-arid region for its rusticity and resistance to water deficit. It is usually planted by seeds, but planting by seedling can become attractive as a strategy for better use of the short rainy season. Before the adoption of this technology some aspects

  2. Fibra de coco e resíduo de algodão para substrato de mudas de tomateiro Coconut fiber and cotton waste as substrate for tomato seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândido A da Costa

    2007-09-01

    Full Text Available O efeito da mistura de fibra de coco (FC e resíduo compostado de algodão (RA foi avaliado na formação de substrato para produção de mudas de tomateiro Kada Gigante. O experimento foi conduzido em casa de vegetação no ICA da UFMG em Montes Claros-MG. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: T1 Substrato comercial Hortimix®; T2 100% massa seca de resíduo algodão proveniente da compostagem do resíduo da industria têxtil (RA; T3 20% FC+80% RA; T4 40% FC+60% RA; T5 60% FC+40% RA; T6 80% FC+20% RA; T7 100% FC+% RA. Foram avaliados o diâmetro do caule, a altura da planta, o índice de velocidade de emergência, a porcentagem de germinação, a massa fresca da parte aérea e a massa fresca da raiz, a massa seca da aérea seca e a massa da matéria seca da raiz. Observou-se que o aumento da proporção de fibra de coco verde em relação ao resíduo compostado de algodão proporcionou maior emergência, e índice de velocidade de emergência, entretanto, o diâmetro do caule, a altura da planta, a massa fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular diminuíram com o aumento dessa proporção. O resíduo de algodão proveniente da compostagem do resíduo da industria têxtil, constitui-se em um material útil na produção de substratos comerciais.A greenhouse experiment was carried out to evaluate fiber mixture of coconut and cotton waste, to produce substrate for tomato seedling production (cultivar Kada Gigante. The experimental design was randomized blocks, four replications, with seven treatments: T1 Commercial Substrate Hortimix®; T2 0% coconut dry fiber mass (FC+100% dry mass of cotton waste (RA; T3 20% (FC+80% (RA; T4 40% (FC+60% (RA; T5 60% (FC+40% (RA; T6 80% (FC+20% (RA; T7 100% (FC+0% (RA. The vigor was evaluated in terms of percentage and index of emergence, stem diameter, seedling height. Increasing the proportion of coconut fiber to cotton

  3. Efeitos de substratos e das dimensões dos recipientes na qualidade das mudas de Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex D.C. Standl. Effects of substrata and containers dimensions on the quality of Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex D.C. Standl. seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Oliveira Cunha

    2005-08-01

    Full Text Available A crescente demanda por mudas de espécies florestais nativas tem exigido pesquisas relacionadas com o uso de substratos e recipientes, capazes de proporcionar mudas que apresentem elevadas taxas de crescimento inicial e de sobrevivência após o plantio. Este trabalho objetivou avaliar a produção de mudas de Tabebuia impetiginosa (Mart. ex D.C. Standl (ipê-roxo, em condições acessíveis aos pequenos e médios produtores rurais. O ensaio foi instalado em área experimental localizada no Departamento de Fitotecnia (CCA/UFPB, em Areia, PB. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso, com 14 blocos. Os tratamentos consistiram da combinação dos substratos: S1 - terra de subsolo e S2 - terra de subsolo + composto orgânico e de sacos de polietileno preto nas seguintes dimensões: I - 20 x 36,5 cm; II -15 x 32 cm; III - 13 x 25,5 cm; e IV - 13,5 x 19 cm. Para todas as variáveis estudadas, o recipiente I e o substrato S2 sobressaíram em relação aos demais. Entretanto, considerando a diferença entre os resultados e a demanda de substrato e mão-de-obra exigida, no primeiro caso recomenda-se o recipiente II com o substrato S2, para a produção de mudas dessa espécie.The growing demand for seedlings of native species has required research on the use of substrata and containers capable of producing seedlings with high initial growth and surviving rates after planting. This work aimed to evaluate the effects of substrata easily found in farms, and the size of containers used to produce seedlings of Tabebuia impetiginosa (Mart. ex D.C. Standl. (Ipê roxo. The experiment was conducted in an experimental field of the Department of Agronomy-CCA/UFPB, District of Areia. The experiment was carried out in a randomized block design, totalizing 14 blocks. The treatments consisted of combinations of the following substratas: S1-subsoil and S2-subsoil plus organic compost and polyethylene bags with the following dimensions: I - 20 x 36.5 cm; II - 15

  4. Influência de substratos e fungos micorrízicos arbusculares no desenvolvimento vegetativo do porta-enxerto flying dragon. (Poncirus trifoliata, var. montruosa Swing. Influence of growing media and arbuscular mycorrhizal fungi in the vegetative development of flying dragon (Poncirus trifoliata, var. monstruosa Swing. rootstock

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vitor Dutra de Souza

    2005-08-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivos avaliar o efeito da composição do substrato e da inoculação de duas espécies de fungos micorrízicos arbusculares (FMA (Glomus clarum e Acaulospora scrobiculata sobre o desenvolvimento vegetativo, o conteúdo em substâncias de reserva nos tecidos e a percentagem de colonização radicular por FMA no porta-enxerto Flying dragon (Poncirus trifoliata, var. monstruosa Swing. Os tratamentos consistiram de dois substratos: S1= solo + areia (1:1; v:v e S2 = solo + areia + resíduo decomposto de casca de acácia-negra (2:2:1; v:v:v, ambos com e sem inoculação isolada de duas espécies de FMA (G. clarum e A. scrobiculata. Constatou-se que a adição de resíduo decomposto de casca de acácia-negra melhorou as características químicas e físicas do substrato, permitindo um maior desenvolvimento vegetativo e acúmulo de substâncias de reserva às plantas de Flying dragon em relação ao substrato solo + areia. A eficiência da simbiose foi variável com o substrato e com a espécie de FMA, onde o efeito positivo dos FMA foi notado apenas no substrato solo + areia, mais pobre nutricionalmente, sendo A. scrobiculata a espécie mais eficiente.The present study had the aim of evaluating the effects of substrate composition and the inoculation of two species of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF (Glomus clarum and Acaulospora scrobiculata on the vegetative development, carbohydrate contents and percentage of radicular colonization settling by AMF in Flying Dragon (Poncirus trifoliata, var. monstruosa Swing. rootstock. The treatments consisted of two substrates: S1 = soil + sand (1:1; v: v, and S2 = soil + sand + decomposed residue of acacia, (2:2:1; v: v: v. Both treatments were submitted to inoculation with two species of AMF (G. clarum e A. scrobiculata and no inoculation. The addition of decomposed residue of acacia bark in S2, improved the chemical and physical properties of the substrate, resulting in a better

  5. Ultrastructural evaluation of human keratinocyte growth and differentiation on a fibrin substrate Avaliação ultraestrutural do crescimento e da diferenciação de queratinócitos sobre um substrato de fibrina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Yukie Sakai Tanikawa

    2010-12-01

    Full Text Available PURPOSE: In order to circumvent several difficulties that have been met in the routine use of the in vitro keratinocyte cultures using the standard procedure described by Rheinwald and Green, and obtain a more resilient and the least possible immunogeneic skin substitute for a future clinical application, this work studied a new keratinocyte culture system, which envisages the utilization of a fibrin substrate in association with high densities of human keratinocytes. METHODS: Through light and transmission electron microscopy and immunohistochemical assays, long-term proliferative and differentiative characteristics of keratinocytes cultured onto a fibrin gel under immerse and air-liquid interface culture conditions were evaluated. RESULTS: Despite the absence of a dermal substitute, the results demonstrated that the proposed composite was constituted of a transparent and elastic fibrin film covered by a well-attached, multistratified epithelium with morphological characteristics that resemble human epidermis, including the neoformation, albeit incomplete, of the basement membrane. CONCLUSIONS: Increased mechanical resistance due to the presence of an easy handling substrate, the delivery of nonclonfluent keratinocytes as well as the removal of animal-derived cells from the culture system suggest its potential use for future transplantation purposes.OBJETIVO: Com o intuito de contornar diversas dificuldades encontradas no uso rotineiro de queratinócitos cultivados in vitro pela técnica descrita por Rheinwald e Green, e obter um substituto cutâneo mais resistente e o menos imunogênico possível para futuras aplicações clínicas, este trabalho avaliou um novo sistema de cultura de queratinócitos que prevê a utilização de um substrato de fibrina em associação com queratinócitos humanos em alta densidade. MÉTODOS: Através de microscopia óptica e eletrônica e análise imunohistoquímica, foram avaliadas as caracter

  6. Uso de resíduos de couro wet-blue como componente de substrato para plantas The use of residues of wet blue leather as a growing media component

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Henrique Schüür Daudt

    2007-02-01

    Full Text Available O resíduo de rebaixamento de couro wet-blue (RR, também denominado de "serragem de couro", resulta do processo de padronização do couro na indústria de curtimento. Na virada do século, a indústria nacional descartou cerca de 131 mil toneladas do RR na natureza. Neste estudo, investigou-se a possibilidade de uso de RR como um componente de substratos para plantas ornamentais de jardim. Mudas de Tagetes patula L. "Aurora" foram cultivadas em recipientes de 6 cm de altura e 216mL de volume, contendo RR + a mistura CACV (casca de arroz carbonizada e vermiculita superfina, 6:1, v:v nas seguintes proporções volumétricas: 0:1 (100% CACV, 1:3, 1:1, 3:1, 1:0 (100% RR. As mudas foram cultivadas por 23 dias, até o ponto de transplante. A caracterização dos substratos testados baseou-se nos valores de pH, salinidade, densidade seca e nas curvas de retenção de água. A adição de RR reduziu a densidade, aumentou a porosidade e a água retida nas misturas, proporcionando boas condições físicas para o desenvolvimento das mudas de Tagetes. A elevada salinidade do RR (>7g L-1 como KCl e o baixo valor de pH natural do resíduo (3,7, em H2O são características que precisam ser observadas nesta proposta de uso. De forma geral, as mudas mostraram boa tolerância à presença de RR até fração de 50% da mistura. Aumentando a proporção do resíduo, as plantas apresentaram tombamento, menor comprimento do sistema de raízes e menor estabilidade do torrão, que se desagregava ao ser retirada a muda para transplante. Os resultados sugerem a possibilidade de uso de RR como componente de substrato para plantas, desde que observados suas características limitantes e a adição em volumes menores que 50% na mistura.The industrial wet-blue leather standardization process generates a by-product called leather sawdust (RR. At the beginning of this century, the Brazilian tanning industry rejected about 131 thousand tons of RR in the environment. The

  7. Efeito de substratos porosos no enraizamento in vitro do porta-enxerto de macieira M-9 (Malus pumilla Effect of porous substrates in vitro rooting of M-9 apple rootstock (Malus pumilla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Luíz Vieira

    2007-04-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos de substratos no enraizamento in vitro do porta-enxerto de macieira M-9. Foram testados três substratos: ágar, vermiculita (nº 2, granulometria média e cinza vegetal, como suporte físico no enraizamento das miniestacas. Para os tratamento com vermiculita e cinza vegetal, meio nutritivo MS, reduzido à metade da concentração, foi adicionado em frascos de vidro de 250 mL contendo 15 g dos respectivos substratos. Brotações de 2,5 a 3,0 cm de comprimento, com dois pares de folhas, foram transferidas para os frascos, os quais foram mantidos durante 35 dias em sala de crescimento com temperatura de 25 ±1,5ºC, fotoperíodo de 16 horas e intensidade luminosa de 75 µmol.m-2.s-1. As maiores percentagens de enraizamento (88,4 e 87,9% foram observadas nos tratamentos com vermiculita e cinza vegetal, respectivamente. Após a avaliação do enraizamento, as plantas foram transferidas para bandejas de isopor alveoladas com 128 células e mantidas por 40 dias em casa de vegetação. A maior taxa de sobrevivência de plantas aclimatizadas (93,5% foi obtida com as miniestacas produzidas em meio contendo vermiculita.the present work was carried out with the objective to evaluate the effect of substrates in the rooting in vitro of the M-9 apple rootstock. Three substrates were tested: ágar, vermiculite (number 2, medium granulometry and vegetal ash as physical support in the rooting of the shoots. For the treatment with vermiculite and vegetal ash, MS medium nutritive, with half of the concentration, was added in glass bottles of 250 mL with 15g of respective substrates. The shoots of 2,5 to 3,0 cm of length and two pair of leaves had been transferred to the bottles. After the inoculation the bottles were kept during 35 days in a growing chamber, at 25 ±1ºC, for a 16 hour photoperiod with light intensity of 75 µmol.m-2.s-1. The higher percentages of rooting (88,4 and 87,9% were

  8. Biomassa microbiana, colóides orgânicos e nitrogênio inorgânico durante a vermicompostagem de diferentes substratos Microbial biomass, organic colloids and inorganic nitrogen, during vermicomposting of some substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Maria de Aquino

    2005-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as modificações que ocorrem no substrato durante a vermicompostagem, utilizando-se biomassa microbiana, formas de N mineral, relação C/N e colóides orgânicos totais. As seguintes misturas foram utilizadas como substratos para a vermicompostagem: esterco, esterco + bagaço na proporção de 1:1, e esterco + bagaço + guandu na proporção de 2:1:1. As misturas foram feitas com base em volume e acondicionadas em canteiros de 0,4 m³. Trezentas minhocas da espécie Eisenia foetida e 100 da Eudrilus eugeniae foram introduzidas em cada canteiro. A cada 20 dias, aproximadamente, num total de 126 dias, foram realizadas as amostragens para a realização das análises. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com três repetições em esquema fatorial de 3x8 (três substratos e oito épocas de amostragens. As modificações na biomassa microbiana, quociente metabólico e o conteúdo de nitrato e amônio, não possibilitaram caracterizar a época da maturidade dos vermicompostos. O esterco leva cerca de 70 dias para apresentar relação C/N estável, o esterco + bagaço e o esterco + bagaço + guandu levam 90 dias. A determinação dos colóides orgânicos totais é bastante simples, mas não possibilita caracterizar a maturidade dos vermicompostos.The objetive of this work was to evaluate modifications in the microbial biomass, metabolic quotient, types of mineral nitrogen, C/N ratio, and total organic colloids concentration. The following variations in the substrate composition were utilized: pure cattle manure, pure cattle manure + sugarcane bagasse 1:1 ratio, and pure cattle manure + sugarcane bagasse + leaves of Cajanus cajan 2:1:1 ratio. The mixture was made on volume bases and the substrate composition filled boxes of 0.4 m³. Three hundred earthworms of the species Eisenia foetida and 100 of Eudrillus eugeniae were introduced in the boxes. Every 20 days, approximately, samples were

  9. Substratum formulation for laccase and mycelial biomass production of Pleurotus ostreatusFormulação de substratos na produção de biomassa micelial e de lacase de Pleurotus ostreatus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Silveira do Valle

    2012-10-01

    Full Text Available Pleurotus ostreatus is a producer of biomass and laccase, an enzyme used in fermentation processes for the hydrolysis of lignocellulosic substrate, with potential use in biofuel production and animal feed. Thus, there is a need to seek more appropriate regional substrate for the production of mycelial biomass and laccase. Hence, the aim of this study was to evaluate the effect of physical and chemical characteristics of agro-industrial byproducts in a substratum formulation for the mycelial growth and laccase production by P. ostreatus. The experiment was conducted with the milled raw materials: soy fiber, wheat bran, rice bran, corn grain and corn cob that were separated according to size and analyzed for carbon/nitrogen (C/N ratio. Mycelial growth was evaluated on substratum in cylindrical tubes of borosilicate. Then laccase production was assessed using a 26-2 fractional factorial design with the variables: raw material granulometry and addition of minerals (copper, zinc, iron, cadmium and magnesium in the substrate. The production of laccase was determined by oxidation of ABTS (2,2’-bisazin-(3-ethylbenzothiazoline-6-sulfonic acid. The results indicate that the most important factor for mycelial growth is the holding capacity of oxygen in the substratum. For mycelial growth of P. ostreatus the corn cob and wheat bran are the best components for the substrate. The other raw materials reduced the mycelial growth. However the most important factor for the induction of laccase production is the reduction of particle size, increasing the contact area between the mycelium and the substratum. Pleurotus ostreatus é um produtor de biomassa e lacase, enzima utilizada em processos fermentativos para a hidrólise de substratos lignocelulósicos, com potencial de utilização na produção de biocombustíveis e na alimentação animal. Desta forma, há a necessidade de buscar substratos regionais mais apropriados para a produção de biomassa micelial

  10. Indução do enraizamento e crescimento do eucalipto por rizobactérias: efeito da adição de fonte alimentar e da composição do substrato de enraizamento Rooting induction and growth of eucalyptus by rhizobacteria: effect of addition of nutrient source and growing substrate composition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Gonçalves Mafia

    2007-08-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de leite em pó como fonte alimentar e do tipo de substrato sobre a indução biológica do enraizamento e crescimento de mudas clonais de eucalipto por isolados de rizobactérias. Para o primeiro objetivo, após a aplicação dos isolados de rizobactérias, na proporção de 0,2 ml/cc de substrato de uma suspensão de inóculo ajustada para 10(8 u.f.c./ml, enriquecidos ou não com leite em pó (1%, e decorridos 25 dias do estaqueamento de três clones de eucalipto, avaliaram-se a biomassa seca de raízes e o índice de enraizamento de cada combinação isolado-clone. Para o segundo objetivo, 10 isolados, aplicados na mesma proporção e concentração de inóculos citados anteriormente, foram testados em três substratos de enraizamento: vermiculita pura; moinha de carvão + composto de casca de eucalipto + vermiculita (5:3:1; e composto de casca de arroz carbonizada + vermiculita (1:1, em dois ensaios conduzidos com um clone de eucalipto. Os resultados evidenciaram que a aplicação dos isolados promotores de crescimento proporcionou incrementos significativos na velocidade e índice de enraizamento, bem como no crescimento, expresso pela biomassa radicular, cujos ganhos foram superiores, na aplicação com veiculação da fonte alimentar inicial. Dentre os isolados testados, S1 e 3918 (ambos Bacillus subtilis foram os mais efetivos para enraizamento e biomassa radicular, com incrementos de 40,6 e 114,2%, respectivamente. Além disso, não ocorreu interação entre isolados de rizobactérias e substrato de enraizamento, o que permite a utilização desses isolados, independentemente do tipo de substrato empregado.This work aimed to evaluate the effect of powdered milk as a nutrient source and the effect of the substrate composition on the biological rooting induction and minicutting growth by rhizobacteria isolates. A suspension of rhizobacteria (10(8 cfu/ml was used to achieve a concentration of 0

  11. Diâmetro de estacas e substratos na propagação vegetativa de maniçoba, Manihot glaziovii Muell. Arg Diameter of cuttings and substrates in the vegetative propagation of maniçoba Manihot glaziovii Muell. Arg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Elias Ferreira

    2010-09-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho estudar a influência do diâmetro das estacas e dos substratos na propagação vegetativa de maniçoba, Manihot glaziovii Muell. Arg. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 10 x 3, sendo 10 substratos e 3 diâmetros de estacas, totalizando 30 tratamentos, oriundos das combinações entre substratos e diâmetros de estacas, com 4 repetições e 8 estacas por parcela. Os diâmetros das estacas corresponderam a: 0,5 a 1,0 cm (D1; 1,1 a 2,0 cm (D2 e 2,1 a 3,0 cm (D3. Foram utilizados 10 substratos: terra (S1; areia (S2; terra+areia: 1:1 (S3; terra+areia: 2:1 (S4; terra+areia: 1:2 (S5; terra+esterco: 1:1 (S6; areia+esterco: 1:1 (S7; terra+esterco: 2:1 (S8; areia+esterco: 2:1 (S9 e terra+areia+esterco: 1:1:1 (S10. As estacas lenhosas foram retiradas de plantas matrizes em repouso vegetativo, com comprimento de 25 cm e base cortada em bisel. Avaliou-se: percentual de estacas enraizadas; número de raízes; número de brotações; diâmetro e comprimento das brotações; número de folhas; massa seca das brotações e massa seca das raízes, obtidos aos 70 dias após instalação do experimento. Os melhores resultados para todas as variáveis estudadas foram obtidos com estacas de diâmetros entre 1,1 a 2,0 cm e entre 2,1 a 3,0 cm, com substratos que incluíram areia + esterco na sua composição. Tais tratamentos proporcionaram percentagens de enraizamento da ordem de 70 a 80%.This study aims to evaluate substrates and cuttings diameter influence in the vegetative propagation of Manihot glaziovii Muell.Arg. A design in randomized blocks using a 10 x 3 factorial scheme was used, being 10 substrates and 3 cuttings diameter, totaling 30 treatments, from the combinations between substrates and cuttings diameter, with 4 replications and 8 cuttings per plot. Diameters corresponded: 0.5 to 1.0 cm (D1; 1.1 to 2.0 cm (D2 and 2.1 to 3.0 cm (D3. Substrates used were: soil (S1; sand (S2; soil + sand: 1

  12. Produção de mudas de cultivares de alface utilizando duas espumas fenólicas em Altamira, Pará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alzirio Lino Couto

    2015-06-01

    Full Text Available O sucesso de qualquer produção comercial de hortaliças inicia-se com a produção de mudas. A espuma fenólica tem se mostrado um interessante e prático substrato para este processo. A utilização deste produto depende de uma lavagem precedente para reduzir a acidez. Porém, já é possível encontrar à venda espumas fenólicas com pH próximo. Por isso o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de mudas de cultivares de alface utilizando duas espumas fenólicas em Altamira, Pará. O delineamento constou de um esquema fatorial 2 (substratos x 6 (cultivares. Os dois substratos foram as espumas fenólicas Green Up®, com pH 6.0 (± 0.5., e a outra com pH 2.6 (± 0.5. As cultivares avaliadas foram: Alcione, Amanda, Lucy Brown, Caipira, Multiblond 3 e Solaris. Foi avaliada porcentagem de germinação, índice de velocidade de emergência, altura da planta e número de folhas. Houve diferença significativa para altura da planta em função dos substratos testados. A porcentagem de germinação mais elevada foi obtida com a espuma fenólica sem tratamento. A cultivar Caipira foi a que teve o menor desempenho na germinação. Para todas as variáveis analisadas, a cultivar Lucy Brown apresentou os melhores resultados em ambos os substratos.

  13. Enraizamento de estacas semilenhosas de oliveira sob efeito de diferentes épocas, substratos e concentrações de ácido indolbutírico Rootings of semi-woody cuttings of olive tree under effects of collection time, substrate, and concentrations of indol-3-butiric acid (IBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelson Francisco de Oliveira

    2003-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o enraizamento de estacas semilenhosas de oliveira (Olea europaea L., sob efeito de diferentes épocas, substratos e concentrações de ácido indolbutírico (AIB, foram conduzidos na Fazenda Experimental da EPAMIG em Maria da Fé, MG, dois experimentos, sob condições de casa-de-vegetação rústica. As estacas foram coletadas da cultivar Ascolano 315, e os experimentos instalados nos meses de fevereiro de 2000 (09/02 e abril de 2000 (27/04. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 4, compreendendo, respectivamente, quatro substratos: areia, vermiculita, areia/terra 1/1(v/v e terra, e quatro concentrações: 0, 1.000, 3.000 e 5.000 mg.L-1 de AIB, com quatro repetições. Pelos resultados, observa-se que é possível o enraizamento de estacas dessa espécie em instalações rústicas, obtendo-se 48,44% de enraizamento no substrato areia/terra 1:1(v/v e 44,28% quando utilizou-se o tratamento com AIB na concentração de 3.000 mg.L-1 de estacas coletadas em fevereiro 2000.Aiming to evaluate the rooting of semi-woody cuttings of olive tree (Olea europaea L. under effect of combinations of different times, substrates, and concentrations of indol-3-butiric acid (IBA, two experiments, under greenhouse conditions, were carried out on the EPAMIG experimental farm at Maria da Fé, State of Minas Gerais, Brazil. The cuttings were collected from the cultivar 'Ascolano 315', on the same day of the experiment installation, March 2nd, 2000 and April 27th, 2000. The experimental design used in the two experiments was randomized blocks in 4 × 4 factorial scheme with four substrates (sand, vermiculite, sand/earth 1/1, and earth and four concentrations of IBA (0, 1000, 3000, and 5000 mg L-1, with four replicates. The results indicate rooting of this species is possible in rustic facilities, obtaining 48% of rooting for the substrate sand/earth 1:1 (v/v, and 44% when treated with IBA at

  14. Efeitos de substratos e recipientes utilizados na produção das mudas sobre a arquitetura do sistema radicular de árvores de cácia-negra Effect of nursery substrata and containers on root system architecture of black wattles trees

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Silvia Vieira Janeiro Neves

    2005-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar a arquitetura do sistema radicular de árvores de acácia-negra (Acacia mearnsii aos três anos após o plantio, em razão da combinação de oito tipos de recipientes e seis misturas de substratos usados na produção das mudas, levando-se em consideração atributos químicos e físicos do solo. As árvores foram plantadas no município de Cristal (RS, em solo Podzólico Vermelho Escuro, que apresentou alta densidade, baixo pH e excesso de alumínio. O tratamento que teve maior desenvolvimento radicular foi o fertil-pot, com substrato constituído por solo adubado, que diferiu estatisticamente dos tratamentos tubete redondo, com solo adubado + casca de acácia esgotada + vermiculita; paper pot, com solo adubado e laminado acondicionado em caixas de madeira, com solo adubado. O desenvolvimento e arquitetura das raízes no campo foram afetado pelo recipiente, mas não pelo substrato utilizado na fase de viveiro.The objective of this study was to characterize the architecture of the root system of black wattle trees (Acacia mearnsii, three years after planting, in relation to eight types of containers and six substrata used in the nursery, considering chemical and physical conditions of the soil. The experiment was carried out in Cristal (RS, in a Podzolic Dark Red soil. The soil presented high density, low pH and excess of aluminum. The treatment that induced larger root development was fertil-pot with fertilized soil, which differed significantly from the treatments round plug, with fertilized soil + acacia exhausted bark + vermiculite; paper pot, with fertilized soil and laminated in wood box, with fertilized soil. The development and the architecture of the roots in the field was affected by the container but not by the substrata used in the nursery.

  15. Influência do substrato sobre o crescimento de Subulina octona (Brugüière (Mollusca, Subulinidae, sob condições de laboratório Influence of substrate on growth of Subulina octona (Brugüière (Mollusca, Subulinidae, under laboratorial conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sthefane D'ávila

    2005-03-01

    Full Text Available Os moluscos pulmonados selecionam substratos adequados a sua sobrevivência, exibindo preferência por determinadas características químicas, físicas e estruturais. Esse fator ambiental afeta a reprodução e a sobrevivência desses animais. Todavia, ainda permanece obscuro que aspectos do ciclo de vida e comportamento são influenciados. O presente trabalho teve por objetivo determinar se o substrato influencia o crescimento de indivíduos da espécie Subulina octona (Brugüière, 1789, mantidos em areia, argila e terra vegetal. Indivíduos mantidos em caixa com terra vegetal, apresentaram menor comprimento de concha aos 15 e 30 dias de vida, no primeiro, segundo e terceiro evento reprodutivo, quando comparados a indivíduos criados em caixas com areia e argila. Foi observada uma tendência para a desaceleração do crescimento dos indivíduos submetidos aos três tratamentos, mostrando que o crescimento indeterminado, com o declínio progressivo do crescimento após a maturidade, é a estratégia exibida por S. octona. No presente estudo, foi observado que S. octona ingeria substrato regularmente e que os indivíduos criados em terra vegetal consumiam menos ração. É provável que a terra vegetal forneça condições semelhantes ao habitat preferencial dos moluscos em ambiente natural e seja mais propícia à utilização como recurso alimentar. Dessa forma, os moluscos criados em terra vegetal tenderam a consumir mais substrato e menos ração do que aqueles criados em areia e argila, obtendo quantidade menor de nutrientes, o que pode ter influenciado seu crescimento.The influence of substrate on growth of Subulina octona (Brugüière, 1789, reared in sand, clay and humus, was investigated under laboratorial conditions. The individuals reared in humus, showed smaller shell lengths at the ages of 15 days and 30 days, and at the first, second and third reproductive events. There was a progressive decline in growth rate of shell length with

  16. RC-IAL: linhagem celular contínua de rim de coelho - características e substrato para replicação de vírus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cruz Aurea Silveira

    1992-01-01

    Full Text Available Uma linhagem celular de rim de coelho (denominada RC-IAL, que foi isolada em 1976, e que atualmente está na 150ª passagem, teve suas características analisadas. As células apresentaram morfologia semelhante aos fibroblastos desde o início de seu cultivo. A proporção de crescimento celular não se alterou desde seu isolamento, com uma eficiência de clonagem ao redor de 9%. A linhagem mostrou crescimento dependente de ancoragem, e a análise cromossômica apresentou o número modal da espécie com pequenas variações para mais ou menos um cromossomo, resultando uma somatória de 50%. Sua espécie de origem foi comprovada através da reação de imunofluorescência indireta e a susceptibilidade da linhagem a alguns vírus, com demonstração do efeito citopático, foi verificada com os vírus da vacínia, cowpox, herpes simples tipo 1 e 2 e da rubéola. Esse substrato celular está livre de contaminantes, satisfazendo assim, as condições para seu uso em trabalhos científicos, principalmente os relacionadas à saúde pública.

  17. Desenvolvimento inicial de mudas de copaíba sob diferentes níveis de sombreamento e substratos Early development of seedlings of copaiba under different shade levels and substrates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Reis Dutra

    2012-06-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou avaliar a influência de diferentes níveis de sombreamento e tipos de substratos no desenvolvimento inicial de mudas de copaíba. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados no esquema fatorial 5 x 4. Os tratamentos foram compostos pela combinação de cinco substratos, Bioplant®; 70% vermiculita + 30% casca de arroz carbonizada (70V+30CA; 40% vermiculita + 30% casca de arroz carbonizada + 30% fibra de coco (40V+30CA+30FC; 50% vermiculita + 30% casca de arroz carbonizada + 20% areia (50V+30CA+20A; 70% vermiculita + 15% casca de arroz carbonizada + 15% vermicomposto de resíduo de indústria têxtil (70V+15CA+15VC e quatro níveis de sombreamento, (pleno sol (0%, 30; 50 e 70% e três repetições. Foram avaliadas as seguintes variáveis: taxa de crescimento absoluto em altura e diâmetro; sobrevivência; massa seca de folhas, caule e raiz; massa seca total; razão entre massa seca da parte aérea e massa seca de raiz; e a razão de massa foliar. Os resultados demonstram que as mudas de copaíba necessitam de sombra em sua fase inicial de desenvolvimento, sendo o nível de 50% de sombreamento uma alternativa viável para produção de suas mudas. As mudas de copaíba crescidas no substrato 70V+30CA apresentaram maior produção de massa seca total, enquanto no Bioplant® observou-se características inferiores para a massa seca de folha, massa seca total e razão de massa foliar.This study aimed to evaluate the influence of different shade levels and types of substrates in the initial development of seedlings of Copaiba. The trial was conducted in a randomized block design in a factorial 5 x 4 with five substrates, Bioplant®; 70% vermiculite + 30% rice hulls (70V+30CA, 40% vermiculite + 30% rice hulls + 30% coconut fiber (40V+30CA+30FC, 50% vermiculite + 30% rice hulls + 20% sand (50V+30CA+20A, 70% vermiculite + 15% bark carbonized rice + 15% vermicompost residue of textile industry (70V+15

  18. Diferentes substratos na produção de mudas de mirtileiro Different substrates in the production of blueberry seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nara Cristina Ristow

    2011-07-01

    Full Text Available O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito da composição de diferentes substratos na produção de mudas de mirtileiro. Foram utilizadas mudas da cultivar 'Georgiagem', oriundas de multiplicação in vitro. Foram utilizados sete diferentes substratos, os quais são: T1 - Plantmax® (100%; T2 - Plantmax® + perlita (1:1; T3 - Solo + matéria orgânica + perlita (1:1:1; T4 - solo + casca de arroz (1:1; T5 - solo + composto industrial + vermiculita (1 :1:1; T6 - casca de acácia + solo (1:1; T7 - acícula de pinus + solo - (1:2. O substrato acícula de pinus + solo, seguido pelos substratos Plantmax®, casca de acácia + solo e casca de arroz + solo promoveram maior acúmulo de massa seca da parte aérea e raízes. Os substratos solo + composto industrial + Perlita e Solo + composto industrial + vermiculita, com pH alcalino, apresentaram menor produção de massa seca e menores concentrações de Fe, Mn, Zn, N e P. Os substratos acícula de pinus, casca de acácia + solo, casca de arroz + solo e Plantmax® com ou sem perlita, mostraram-se os mais adequados para a produção de mirtileiro, cultivar 'Georgiagem'.The research aimed to evaluate the effect of the composition of different substrate on the production of blueberry seedlings. The seedlings used were highbush, 'Georgiagem' from in vitro multiplication. Seven different substrate were used: T1 - Plantmax® (100%; T2 - Plantmax® + perlita (1:1; T3 - soil + composed industrial + perlita (1:1:1; T4 - soil + rice husks (1:1; T5 - soil + composed industrial + vermiculite (1:1:1; T6 - acácia bark + soil (1:1; T7 - pine needle mulch + soil (1:2. The substrate pine needle mulch + soil, followed by the substrate Plantmax®, acácia bark + soil and soil/rice husks + soil, which promoted greater dry mass of roots and shoots. The substrate Soil + composed industrial + perlita and soil + composed industrial + vermiculite, pH alkaline, showed lower production of dry matter and lower concentrations

  19. Avaliação da Microinfiltração de um cimento resinoso autoadesivo em diferentes substratos dentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele Marques dos Santos

    2015-02-01

    Conclusão: O cimento resinoso autoadesivo Relyx U200 não apresentou diferença na microinfiltração entre esmalte e dentina. Sendo necessário a realização de outros estudos para avaliar o desempenho deste material.

  20. ABSORÇÃO DE NUTRIENTES POR MUDAS DE PIMENTÃO MICORRIZADO CULTIVADO EM SUBSTRATO COM PÓ DE COCO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Tereza Martins Monteiro

    2009-01-01

    Full Text Available This work had for objective to test the coconut dust as one of the components of the substratum recommended in the production of seedlings of green pepper (Capsicum annuum L. and that the inoculation with arbuscular mychorrizal fungi (AMF it turns the most efficient plant in the absorption of nutrients, especially the phosphorus. A Yellow Red Argissolo was used, the substrata dust dry coconut and dust green coconut. The plants had been inoculated by AMF (Glomus clarum, Glomus intraradices and margarita Gigaspora. The experiment was lead per 45 days, the plants had been supplied weekly with exempt nutritional solution of P and to the end collected and submitted to the analyses of: dry mass of the aerial part, leaf number, height of the plant, diameter of caule, contend of macronutrient and micronutrient of the aerial part of plant. The delineation was of blocks casualizados with eighteen treatments and four repetitions. The results had demonstrated that10% dust dry coconut the seedlings of green pepper presented better results in mass dries of the aerial part, height, number of leves and diameter of caule.

  1. Recycled hydroxyapatite coatings on 316L stainless steel substrates; Recobrimentos de hidroxiapatita reciclada em substrato de aco inoxidavel 316L

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Mendes Filho, Antonio Alves, E-mail: antonio.mendes@cetec.br [Fundacao Centro Tecnologico de Minas Gerais (CETEC), MG (Brazil); Pereira, Renato Alves; Araujo, Fernando Gabriel da Silva, E-mail: renafis@yahoo.com.br, E-mail: fgabrielaraujo@uol.com.br [Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), MG (Brazil); Sousa, Camila Mateus de, E-mail: kamila_mateus@hotmail.com [Centro Universitario de Belo Horizonte (UNIBH), MG (Brazil)

    2010-07-01

    In this work were evaluated recycled hydroxyapatite coatings on 316L stainless steel substrates by plasma thermal aspersion. The hydroxyapatite used was obtained from bovine bone by the hydrothermal method. The samples of hydroxyapatite powders were divided according to their particle size distribution. The adhesion of the powders coating to the substrate was evaluated by assay scratch. The X-ray diffraction techniques and scanning electron microscopy were also used. The results of scratch resistance were between 46N and 63N. Analysis by scanning electron microscopy and x-ray diffraction showed no cracks coatings, single-phase and with few fused particles. (author)

  2. Avaliação do tipo de substrato e do período de armazenamento para a germinação de sementes de Cordia glabrata (Mart. DC. - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i3.1013 Evaluation of substrate type and storage period for the germination of Cordia glabrata (Mart. DC seeds - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v31i3.1013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Gadum

    2009-07-01

    Full Text Available Informações sobre a viabilidade e substratos adequados para a germinação de sementes de espécies arbóreas nativas são escassas. Cordia glabrata (louro-preto, espécie pioneira e de ampla distribuição, está incluída entre essas espécies. Suas características permitem a utilização em ornamentação, na prática apícola e na medicina popular. Levando em conta seu potencial de utilização, este trabalho teve por objetivo avaliar as taxas de germinação, em diferentes substratos, de sementes recém-colhidas e armazenadas até 120 dias em laboratório, as quais foram coletadas no Pantanal do Rio Negro, Estado do Mato Grosso do Sul. Foram realizados testes com sementes recém-colhidas e após 30, 60, 90 e 120 dias de armazenamento, em três tipos de substrato (papel-filtro, solo arenoso e solo arenoso + matéria orgânica. Os resultados revelaram que C. glabrata possui pequena porcentagem de água (1,55% nas sementes, que decai com o período de armazenamento. Seu período de viabilidade é curto (90 dias e os melhores resultados foram obtidos com sementes recém-colhidas germinadas em papel-filtro (34%, com índice de velocidade de germinação de 10.Information about the feasibility and adequate substrates for the germination of seeds from native arboreous species are scarce. Cordia glabrata (louro preto, a pioneering species with wide distribution, is included among these species. Its characteristics allow its use in ornamentation, apiculture and popular medicine. Considering its potential of utilization, this work had as objective to evaluate the germination rates, in different substrates, of recently reaped seeds stored for up to 120 days in laboratory, which were collected in Pantanal of the Rio Negro, Mato Grosso do Sul State. Tests were done with recently reaped seeds and after 30, 60, 90 and 120 days of storage, in three kinds of substrate (paper filter, sandy soil and sandy soil + organic matter. The results revealed that C

  3. BAP e substratos na aclimatização de plântulas de gloxínia (Sinningia speciosa Lood. Hiern. provenientes de cultura de tecidos BAP and substrates on gloxinia (Sinningia speciosa Lood. Hiern. plantlets from tissue culture acclimatization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bortolotti da Silva

    2003-04-01

    Full Text Available A gloxínia é uma planta ornamental cultivada pela exoticidade e variação de coloração de suas flores. Objetivou-se avaliar a influência residual da citocinina 6-Benzilaminopurina (BAP usada durante a cultura in vitro sobre o processo de aclimatização de gloxínia (Sinningia speciosa Lood. Hiern.. As concentrações de 0,0; 0,5; 1 e 2,0 mg L-1 de BAP, em cultivo in vitro, foram combinadas com os substratos: vermiculita, plantmax® e vermiculita + plantmax®, durante o processo de aclimatização. Após o processo de inoculação in vitro, o material foi transferido para sala de crescimento com temperatura de 26 ± 1ºC, intensidade luminosa de 35 m mol m² s-1 e fotoperíodo de 16 horas, permanecendo nessas condições por 60 dias. Após esse período, as plantas obtidas foram plantadas nos diferentes substratos. As avaliações foram efetuadas após 120 dias, em casa-de-vegetação, registrando-se o número de brotos, peso da matéria fresca do sistema radicular, peso da matéria seca da planta e número de flores. Os melhores resultados foram obtidos com o cultivo em substrato plantmax® ou plantmax�� + vermiculita advinda de meio de cultura in vitro isento de BAP.The present work aimed to evaluate the influence of concentrations of 6-benzylaminopurine (BAP used in acclimatization of gloxinia (Sinningia speciosa Lood. Hiern. Concentrations of BAP (0.0; 0.5; 1.0 and 2.0 mg L-1 in vitro and substrates (vermiculite, plantmax®, and vermiculite+plantmax® were tested for acclimatization in every possible combination. After in vitro inoculation, the material was transferred to a growth chamber with temperature of 26±1ºC and light intensity of 35 m mol m-2 s-1 for 16 hours, remaining under these conditions for 60 days. After that period, the plants obtained were transferred to pots containing substrates in a greenhouse. The evaluations were performed 120 days after cultivation. It were measured number of shoots, roots dry weight, above

  4. Crescimento mixotrófico de Nostoc sp. Glucose, sacarose e melaço de cana-de-açúcar foram testados como substratos para produção de biomassa e ficobiliproteinas - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i1.121 Mixotrophic growth of Nostoc sp. on glucose, sucrose and sugarcane molasses for phycobiliprotein production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Pimenta Pinotti

    2007-11-01

    Full Text Available Todos os substratos aumentaram a biomassa e ficobiliproteinas em relação ao controle, meio mineral BG11. Melaço de cana-de-açúcar foi o melhor substrato tanto para a produção de biomassa como de ficobiliproteinas. A maior produção de biomassa ocorreu usando melaço de cana-de-açúcar 1,0 g L-1 sendo 5,7 vezes maior que o controle. Com glucose foi em 2,5 g L-1 e sacarose 1,5 g L-1, sendo 2,5 e 4,8 vezes maior que o controle, respectivamente. A maior produção de ficobiliproteinas ocorreu usando melaço de cana-de-açúcar 1,0 g L-1 sendo 12,5 vezes maior que o controle. Com glucose foi em 1,0 g L-1 e sacarose 0,5 g L-1, 3,0 e 4,5 vezes maior que o controle, respectivamente. Nostoc sp. testado pode crescer mixotroficamente, usando glucose, sacarose e melaço de cana-deaçúcar como substratos orgânicos, uma maior produção de biomassa e ficobiliproteinas podendo ser alcançada nessas condições quando comparadas com o crescimento autotrófico.Glucose, sacarose, and sugarcane molasses were tested as substrates for production of biomass and phycobiliproteins by Nostoc sp., varying their concentrations in relation to a mineral medium, BG11. All substrates increased the biomass and phycobiliproteins when compared with the control. Sugarcane molasses showed to be the best substrate for production of both biomass and phycobiliproteins. Greater biomass production occurred in sugarcane molasses 1.0 g L-1 and it was 5.7 times greater than the control. With glucose, it was in 2.5 g L-1 and sucrose, in 1.5 g L-1, reaching 2.5 and 4.8 times greater than the control, respectively. For phycobiliproteins, the major production was in sugarcane molasses 1.0 g L-1, 12.5 times greater than the control. With glucose, it was in 1.0 g L-1 and sucrose, in 0,5 g L-1, reaching 3.0 and 4.5 times greater than the control, respectively. The Nostoc sp. assayed can grow mixotrophically, using glucose, sucrose, and sugarcane molasses as organic substrates, and a

  5. Desenvolvimento inicial de mudas de jatobazeiro do cerrado em Aquidauana-MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Costa

    2011-03-01

    Full Text Available A busca por uma alimentação saudável tem aumentado o consumo de frutas e hortaliças, proporcionando maior aceitação das fruteiras do cerrado no mercado. Visando à obtenção de mudas de qualidade, este trabalho avaliou a formação de mudas do jatobazeiro-do-cerrado em diferentes ambientes protegidos e substratos, na UEMS, Aquidauana, no período de novembro de 2008 a março de 2009. Foram utilizados três ambientes protegidos: estufa plástica de polietileno transparente, viveiro de tela de sombreamento e viveiro telado com malha termorrefletora; e seis substratos: solo, Plantmax®, fibra de coco fina, fibra de coco chips, vermiculita e composto orgânico. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com esquema de parcelas subdivididas (split-plot e dez repetições. Houve interação entre ambiente de cultivo e substrato na formação de mudas de jatobá-do-cerrado. Na estufa agrícola, indica-se a utilização do Plantmax® e, nos telados, recomenda-se a vermiculita. O Plantimax® promoveu crescimento uniforme das mudas, em todos ambientes, especialmente na estufa agrícola. O substrato com 100% de composto orgânico não é indicado na formação de mudas de jatobá-do-cerrado. O Índice de Qualidade de Dickson é um bom indicador do padrão de qualidade das mudas.

  6. Composição de substratos e tamanho de recipientes na produção e qualidade das mudas de maracujazeiro 'amarelo' Composition of substrates and volume of recipients in the production and quality of yellow passion fruit seedlings

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela Aparecida da Silva

    2010-06-01

    Full Text Available A produção de mudas de maracujazeiro 'amarelo' (Passiflora edulis Sims. f. flavicarpa Degener de boa qualidade genética, fitossanitária e bem nutridas é de suma importância. A multiplicação rápida depende de alguns fatores preponderantes, relacionados com a produção de mudas, ligados especificamente aos substratos e recipientes. Este experimento foi realizado visando à avaliação da produção de mudas em diferentes substratos e dois tamanhos de recipientes, em viveiro de produção de mudas da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS, Cassilândia/MS. Foram testados quatro substratos: solo puro, solo + esterco (2:1 v:v, Plantmaxâ e solo + 150 mg.dm-3 de superfosfato simples e dois tamanhos de recipientes de polietileno preto: 14x20 cm (1000 mL e 10x20 cm (700 mL. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados, em e