WorldWideScience

Sample records for determinantes da mortalidade

  1. OS DETERMINANTES SOCIOECONÔMICOS DA MORTALIDADE INFANTIL NOS ANOS DE 2000 E 2010: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS PARA OS MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago José Jesus da Silva

    2016-12-01

    Full Text Available Este artigo se propõe a desenvolver uma análise empírica dos determinantes socioeconômicos da Taxa de Mortalidade Infantil nos municípios pernambucanos, entre os anos de 2000 e 2010, utilizando os dados do atlas de desenvolvimento humano da PNUD e da Secretaria do Tesouro Nacional. Para realizar esse estudo, utilizou-se de um modelo de dados em painel, onde foram utilizadas como variáveis explicativas o percentual de crianças vulneráveis a pobreza, o percentual de crianças em domicílios em que ninguém tem ensino fundamental completo, taxa de fecundidade total, o percentual de domicílios com coleta de lixo, o percentual de domicílios com banheiro e água encanada e o gasto municipal com saúde por habitante. De acordo com os resultados obtidos verificou-se que todas as variáveis foram significantes estatisticamente e apresentaram sinais esperados de acordo com o preconiza a literatura que estuda o tema. Em suma, diante dos resultados analisados as variáveis relacionadas à pobreza, educação, demografia, gastos com saúde, e saneamento básico são de grande importância para explicar a taxa de mortalidade infantil nessas localidades, devendo, pois ser alvo de políticas públicas, afim de que se possa mitigar esse problema social e de saúde pública.

  2. Determinantes contextuais da mortalidade neonatal no Rio Grande do Sul por dois modelos de análise Determinantes contextuales de la mortalidad neonatal por dos modelos de análisis Contextual determinants of neonatal mortality using two analysis methods, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselaine Ruviaro Zanini

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os determinantes da mortalidade neonatal, segundo modelo de regressão logística multinível e modelo hierárquico clássico. MÉTODOS: Estudo de coorte com 138.407 nascidos vivos com declaração de nascimento e 1.134 óbitos neonatais registrados em 2003 no estado do Rio Grande do Sul. Foram vinculados os registros do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e Mortalidade para o levantamento das informações sobre exposição no nível individual. As variáveis independentes incluíram características da criança ao nascer, da gestação, da assistência à saúde e fatores sociodemográficos. Fatores associados foram estimados e comparados por meio da análise de regressão logística clássica e multinível. RESULTADOS: O coeficiente de mortalidade neonatal foi 8,19 por mil nascidos vivos. As variáveis que se mostraram associadas ao óbito neonatal no modelo hierárquico foram: baixo peso ao nascer, Apgar no 1º e 5º minutos inferiores a oito, presença de anomalia congênita, prematuridade e perda fetal anterior. Cesariana apresentou efeito protetor. No modelo multinível, a perda fetal anterior não se manteve significativa, mas a inclusão da variável contextual (taxa de pobreza indicou que 15% da variação da mortalidade neonatal podem ser explicados pela variabilidade nas taxas de pobreza em cada microrregião. CONCLUSÕES: O uso de modelos multiníveis foi capaz de mostrar pequeno efeito dos determinantes contextuais na mortalidade neonatal. Foi observada associação positiva com a taxa de pobreza, no modelo geral, e com o percentual de domicílios com abastecimento de água entre os nascidos pré-termos.OBJETIVO: Analizar los determinantes de la mortalidad neonatal, según modelo de regresión logística multinivel y modelo jerárquico clásico. MÉTODOS: Estudio de cohorte con 138.407 nacidos vivos con declaración de nacimiento y 1.134 óbitos neonatales registrados en 2003 en Rio Grande do Sul, Sur

  3. Determinantes económicos y sociales de la mortalidad en América Latina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Behm

    2011-01-01

    Full Text Available Este artículo de Hugo Behm, escrito en 1979, realiza un análisis de los determinantes de la mortalidad en América Latina. Fue presentado, originalmente, en la reunión de Naciones Unidas/Organización Mundial de la Salud sobre "Determinantes socioeconómicos de la mortalidad y sus consecuencias" realizada en la Ciudad de México, entre el 19 y el 25 de junio de 1979, y publicado en la Revista Centroamericana de Ciencias de la Salud, No. 12, en 1979. Su reedición en la sección Textos Fundacionales apunta a honrar la memoria del autor y a recuperar un texto pionero en señalar cómo los diferenciales de mortalidad existentes entre países, al interior de los mismos y entre regiones, así como los diferenciales urbano-rural, se explican a partir de desigualdades sociales y económicas que son estructurales y actúan generando "excedentes" de mortalidad por etnia, por grupos de edades y por clases sociales.

  4. Predictors of 10-year mortality in a population of community-dwelling Brazilian elderly: the Bambuí cohort study of aging Determinantes da mortalidade em 10 anos de idosos Brasileiros residentes na comunidade: estudo de coorte de idosos de Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Lima-Costa

    2011-01-01

    Full Text Available We used data on 1,399 participants aged 60 and over from the Bambuí Cohort Study of Aging to examine predictors of mortality in a socioeconomically disadvantaged population. From 1997 to 2007, 599 participants died and 6.2% were lost to follow-up, leading to 12,415 person-years (pyrs of observation. The death rate was 48.3 per 1,000 pyrs. Age (adjusted hazard ratio [HR] = 1.40, male gender (HR = 1.80, never married (HR = 1.78 or a widow (HR = 1.26, poor self-rated health (HR = 1.31, inability to perform four or more activities of daily living (HR = 3.29, number of cardiovascular risk factors (HR = 1.51 for two and HR = 1.91 for three or more, Trypanosoma cruzi infection (HR = 1.27, and number of medications (HR = 1.06 were each significantly (p Foram utilizadas informações de 1.399 participantes (> 60 anos do Estudo de Coorte de Idosos de Bambuí, para examinar os determinantes da mortalidade em uma população com nível socioeconômico baixo. Entre 1997 e 2007, 599 participantes faleceram e 6,2% foram perdidos para acompanhamento, resultando em 12.415 pessoas-ano de observação. A taxa de mortalidade foi de 48,3 por mil pessoas-ano. Idade (hazard ratio ajustada [HR] = 1,40, sexo masculino (HR = 1,80, ser solteiro (HR = 1,78 ou viúvo (HR = 1,26, pior autoavaliação da saúde (HR = 1,31, incapacidade para realizar quatro ou mais atividades da vida diária (HR = 3,29, número de fatores de risco cardiovascular (HR = 1,51 para dois e HR = 1,91 para três ou mais, infecção pelo Trypanosoma cruzi (HR = 1,27 e número de medicamentos (HR = 1,06 apresentaram associações significantes (p < 0,05 e independentes com o evento. O escore do Mini-Exame do Estado Mental mostrou efeito protetor (HR = 0,96. Exceto a infecção pelo T. cruzi, os outros preditores da mortalidade foram consistentes com o observado em populações idosas com melhor situação socioeconômica.

  5. Determinantes da mortalidade neonatal: estudo caso-controle em Fortaleza, Ceará, Brasil Determinants of neonatal mortality: a case-control study in Fortaleza, Ceará State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Mota do Nascimento

    2012-03-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou determinar os fatores preditores da mortalidade neonatal utilizando modelagem hierarquizada. Trata-se de estudo caso-controle, com 132 casos e 264 controles. Foram considerados casos os recém-nascidos que morreram antes de completar 28 dias, e os controles os sobreviventes, nascidos e filhos de mães residentes em Fortaleza, Ceará, Brasil. O modelo de análise de regressão logística hierarquizada identificou fatores associados ao óbito neonatal: raça materna com efeito protetor para raça parda/negra (OR = 0,23; IC95%: 0,09-0,56, tempo gasto entre o deslocamento de casa ao hospital > 30 minutos (OR = 3,12; IC95%: 1,34-7,25, tempo 10h entre a internação e o parto (OR = 2,43; IC95%: 1,24-4,76 e pré-natal inadequado (OR = 2,03; IC95%: 1,03-3,99, baixo peso ao nascer (OR = 14,75; IC95%: 5,26-41,35, prematuridade (OR = 3,41; IC95%: 1,29-8,98 e sexo masculino (OR = 2,09; IC95%: 1,09-4,03. Nessa casuística, as mortes neonatais foram associadas à qualidade da assistência pré-natal e da assistência direta ao trabalho de parto.This case-control study with 132 cases and 264 controls aimed to determine predictors of neonatal mortality using hierarchical modeling. Cases were defined as newborns that died within 28 days of birth, and controls as the survivors, among infants of mothers living in Fortaleza, Ceará State, Brazil. Hierarchical logistic regression identified factors associated with neonatal death: maternal race, with brown/black race showing a protective effect (OR = 0.23; IC95%: 0.09-0.56, time spent from home to the hospital > 30 minutes (OR = 3.12; 95%CI: 1.34-7.25, time 10 hours between hospital admission and delivery (OR = 2.43; 95%CI: 1.24-4.76, inadequate prenatal care (OR = 2.03; 95%CI: 1.03-3.99, low birth weight (OR = 14.75; 95%CI: 5.26-41.35, prematurity (OR = 3.41; 95%CI: 1.29-8.98, and male gender (OR = 2.09; 95%CI: 1.09-4.03. In this case series, neonatal deaths were associated with the quality

  6. Distribuição espacial da taxa de mortalidade infantil e principais determinantes no Ceará, Brasil, no período 2000-2002 Spatial distribution of the infant mortality rate and its principal determinants in the State of Ceará, Brazil, 2000-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gomes Bezerra Filho

    2007-05-01

    Full Text Available A distribuição geográfica dos agravos à saúde e sua relação com potenciais fatores de risco vêm abrindo um vasto campo para a investigação epidemiológica. O presente estudo visa a identificar padrões de distribuição espacial dos componentes neonatal (TMIN e pós-neonatal (TMIP da taxa de mortalidade infantil (TMI dos municípios do Ceará, Brasil, e discute os principais fatores sócio-econômicos, demográficos e de atenção à saúde que contribuíram para dependência espacial destes componentes. Trata-se de um estudo ecológico transversal, utilizando regressão linear múltipla, cuja análise espacial desses componentes foi obtida através do índice de Moran. Conclui-se que as condições de assistência à gravidez, ao parto e ao recém-nascido somadas a uma melhor distribuição de renda são decisivas para a sobrevivência no primeiro mês de vida, enquanto que a má alimentação, imunização, saneamento, educação e situação econômica são possíveis determinantes da mortalidade pós-neonatal. Reconhece-se a importância que as ações de atenção seletiva à saúde exercem para o declínio da TMI. No entanto, mudanças estruturais e intersetoriais são as que irão gerar a sustentabilidade necessária para levar esse indicador ao nível dos países desenvolvidos.The geographic distribution of health problems and its relationship to potential risk factors has opened a vast field for epidemiological research. The present study aims to identify spatial distribution patterns for the neonatal and post-neonatal components of the infant mortality rate (IMR in Ceará State, Brazil, and discuss the main socioeconomic, demographic, and healthcare factors contributing to the spatial dependence of these components. This cross-sectional ecological study uses multiple linear regression, in which spatial analysis of the components was obtained through the Moran index. Prenatal, childbirth, and neonatal care as well as improved

  7. Los determinantes de la mortalidad y las diferencias socioeconómicas de la mortalidad en la infancia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Behm Rosas

    2016-02-01

    Full Text Available PRESENTACIÓN: El texto que se reproduce a continuación, escrito por el Dr. Hugo Behm Rosas, nacido en el año 1913, a inicios de los años noventa, sintetiza lo que fue un largo y prolífico trabajo de análisis de la mortalidad infantil en América Latina. Así lo atestiguan los estudios que publicó desde los inicios de los años sesenta del siglo pasado hasta el primer lustro de este siglo. El texto: Las diferencias socioeconómicas de la mortalidad en la infancia es un capítulo del libro Las desigualdades sociales ante la muerte en América Latina publicado en el año 1992 por el Centro Latinoamericano y Caribeño de Demografía (CELADE de la Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL y la Organización Holandesa para la Cooperación Internacional en Educación Superior. El texto constituye una síntesis de los múltiples estudios sobre diferencias de la mortalidad infantil entre grupos sociales. Las contribuciones del Dr. Behm para entender las diferencias de mortalidad infantil entre distintos grupos sociales fueron muchas. Estas empezaron cuando, como lo narra en el prólogo a una reedición de una de sus primeras publicacionesi, el Dr. Behm dejó la clínica por la salud pública para emprender una investigación sobre las diferencias de mortalidad infantil en Chile. En 1962 publicó Mortalidad infantil y nivel de vida publicado por la Escuela de Salud pública de la Universidad de Chile y recientemente reeditado por la unidad de Patrimonio Cultural de la Salud. A partir de este influyente estudio donde escribe “La mortalidad infantil viene a ser, en consecuencia, un indicador del alto precio que los pueblos pagan por las formas de organización económicamente ineficientes y socialmente injustas que han logrado darse” ii, emprendió muchos otros explorando las desigualdades sociales en la mortalidad infantil. Los últimos estudios los realizó en la subsede de CELADE en Costa Rica donde junto a muchos

  8. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Tereza Etsuko da Costa

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  9. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  10. Determinantes da estrutura de capital das empresas listadas na Bovespa

    OpenAIRE

    Eduardo Glasenapp Moraes

    2005-01-01

    Os determinantes da estrutura de capital das empresas geram pesquisas e discussões no mundo acadêmico e profissional. Algumas teorias que concorrem para dar explicações são a teoria de custos de agência, teoria do trade-off, teoria de assimetria informacional e a teoria de interação entre as empresas no mercado de competição de produtos e com fornecedores. No mercado brasileiro, alguns trabalhos analisaram variáveis explicativas dos modelos de custos de agência, trade-off e assimetria informa...

  11. Fatores determinantes da anemia em crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osório Mônica M.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar uma revisão sobre os principais fatores determinantes da anemia em crianças menores de cinco anos. Fontes dos dados: foram utilizadas as informações de artigos publicados em revistas científicas nacionais e internacionais indexadas, livros técnicos e publicações de organizações internacionais. Síntese dos dados: a anemia constitui o problema nutricional de maior magnitude no mundo, sendo as crianças menores de cinco anos um dos grupos populacionais de maior risco. Como qualquer problema de saúde pública, sua origem é multicausal e, desta maneira, tenta-se nesse artigo interpretar a sua relação direta ou indireta com seus possíveis fatores determinantes, e os principais achados concordantes ou discordantes nos estudos epidemiológicos. Dentre esses fatores encontram-se as condições socioeconômicas, as condições de assistência à saúde da criança, seu estado nutricional, a presença de morbidades, o consumo alimentar e os fatores biológicos. Destacam-se o papel da dieta, no que diz respeito ao consumo e biodisponibilidade de ferro, e a idade da criança como os principais determinantes. Conclusões: tendo em vista a magnitude do problema e a abrangência de seus fatores de risco revisados neste trabalho, torna-se necessária a implementação de medidas urgentes de prevenção e tratamento da anemia ferropriva. É importante ressaltar que uma única estratégia poderá ter pouco sucesso se outras medidas não forem tomadas simultaneamente, sendo relevante o papel da educação alimentar, juntamente com outras ações implementadas. As crianças menores de dois anos e as que residem em áreas rurais e carentes devem ser priorizadas nos programas de combate à anemia.

  12. Mortalidade perinatal e evitabilidade: revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Lansky

    2002-12-01

    Full Text Available Neste artigo, realizou-se uma revisão da literatura sobre mortalidade perinatal com maior enfoque na evitabilidade desses óbitos. Foram pesquisadas, sobretudo, publicações da década de 90 nas bases Medline e Lilacs (América Latina e Caribe. Discutiram-se as dificuldades para a realização de estudos nesta área, ainda em número restrito no Brasil, em decorrência do grande subregistro de óbitos fetais e da má qualidade da informação nas declarações de óbitos. Foram apresentadas as principais propostas de classificação dos óbitos perinatais baseadas em enfoque de evitabilidade, com destaque para a classificação de Wigglesworth. Nesta abordagem, os óbitos perinatais foram relacionados a momentos específicos da assistência, sendo evidenciadas as possibilidades de sua prevenção. Recomenda-se o enfoque de evitabilidade para a abordagem da mortalidade perinatal no Brasil, dado que as taxas são ainda elevadas, a maioria dos óbitos é considerada evitável e poderia ser prevenida com a melhoria da assistência pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, não apenas quanto à sua resolubilidade clínica, mas também à organização da assistência em sistemas hierarquizados e regionalizados, assegurando o acesso da gestante e do recém-nascido em tempo oportuno a serviços de qualidade.

  13. Determinantes sociais da saude e o Programa Saude da Familia no municipio de Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Pluciennik Dowbor

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a situação do trabalho com determinantes sociais da saúde no âmbito do Programa Saúde da Família. MÉTODOS Estudo de caso com métodos mistos de pesquisa, ancorados em estratégia sequencial explanatória, com 171 gerentes das unidades do Programa Saúde da Família em São Paulo, SP, em 2005/2006. Questionários autopreenchíveis foram aplicados. Entrevistas semiestruturadas e grupos focais foram realizados com amostra intencional de profissionais envolvidos no trabalho com determinantes sociais da saúde. Os dados quantitativos foram analisados por análise descritiva, análise de correspondência múltipla, análise de agrupamento e testes de correlação entre variáveis. Os dados qualitativos foram apurados por análise de conteúdo e a criação de categorias temáticas. RESULTADOS Apesar da concentração de atividades direcionadas ao cuidado com a doença, o Programa Saúde da Família realizou atividades relacionadas à determinação social da saúde, contemplando todas as formas de abordagem da promoção da saúde (biológico, comportamental, psicológico, social e estrutural e os principais determinantes sociais da saúde descritos na literatura. Houve diferença significativa quanto à abrangência dos determinantes trabalhados nas unidades em relação às diferentes regiões do município. Constatou-se fragilidade das iniciativas e a sua desconexão com a estrutura programática do Programa Saúde da Família. CONCLUSÕES A quantidade e variedade de atividades com determinantes sociais da saúde realizadas no Programa Saúde da Família mostram potencial para trabalhar a determinação social da saúde. Mas a fluidez de objetivo e o caráter extraordinário das atividades descritas questionam sua sustentabilidade como parte integral da atual estrutura organizacional do programa.

  14. Os empregados da agricultura brasileira: diferenciais e determinantes salariais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Silva da Cunha

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabalho estuda os diferenciais e os determinantes salariais dos empregados na agricultura brasileira, no período de 1981 a 2005, com base nas informações das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNAD, do IBGE. Foi utilizada a metodologia de Heckman para corrigir viés de seleção, comum em equações salariais estimadas por Mínimos Quadrados Ordinários, além da decomposição de Oaxaca-Blinder, para analisar os diferenciais salariais entre 1981 e 2005. Entre os determinantes salariais, foram analisados: educação, experiência, gênero, região, tempo semanal de trabalho e carteira de trabalho, além de alguns determinantes macroeconômicos. Os resultados do trabalho sugerem uma redução dos diferenciais salariais, principalmente no final do período estudado, e que as variáveis educação, idade e carteira de trabalho contribuíram para reduzir os diferencias salariais entre 1981 e 2005; e por outro lado, as variáveis gênero, região geográfica e tempo semanal de trabalho, contribuíram para aumentá-los. Além disso, as variáveis macroeconômicas incluídas na análise foram estatisticamente significativas na explicação dos diferenciais salariais agrícolas.This work studies the wage differentials and determinants of the employees in Brazilian agriculture, in period 1981-2005, on the basis of the information of the National Research for Sample of Domiciles of the IBGE. The methodology of Heckman is used to correct bias of selection, common in wage equations gotten by Least Ordinary Square, besides the decomposition of Oaxaca-Blinder, to analyze the wage differentials between 1981 and 2005. Between wage determinants, had been analyzed: education, experience, region, weekly working time and formal work, besides some macroeconomic determinants. The results of the work suggest a reduction of the wage differentials, mainly in the end of the studied period, and that the variable education, age and formal work had

  15. Determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2015-08-01

    Full Text Available O objetivo do estudo é identificar os determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada, com ênfase no modo como os controllers das unidades de negócios afetam a folga. Foi realizada uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, por meio de survey, utilizando o instrumento de pesquisa concebido por Indjejikian e Matëjka (2006, que se constitui de dois questionários, um para o gestor e outro para o controller de cada UN. A empresa objeto de estudo apresenta estrutura descentralizada com 45 UNs, das quais 32 responderam aos questionários. Os resultados da pesquisa indicam que as metas de desempenho, quando o crescimento das UNs é provocado pelo aumento das vendas e do market share, com sacrifício do retorno sobre o investimento no curto e médio prazos, são mais fáceis de alcançar e permitem maior folga organizacional do que em situações de UNs mais estáveis. Também indicam que a folga organizacional é maior em ambientes caracterizados por maior assimetria de informação entre a holding e os gestores das UNs, definidos pelo foco do controller da UN. Os resultados dos testes da relação entre as variáveis foco do controller da UN e folga organizacional evidenciam que os controllers das UNs priorizam o apoio à tomada de decisão na UN, em detrimento de suas responsabilidades com o sistema de controle gerencial corporativo. Quanto maior o tempo de atuação do controller na UN, maior é a sua dedicação às responsabilidades relacionadas à gestão da UN em detrimento do foco nas tarefas da holding. Conclui-se que a relação constatada nesta pesquisa entre o nível de folga organizacional e o foco dos controllers das UNs se coaduna com aquela enunciada no estudo de referência. De maneira geral, os resultados das análises estão alinhados com os da pesquisa de Indjejikian e Matëjka (2006, consideradas as limitações de comparabilidade em função das diferenças amostrais.

  16. Avaliação da mortalidade por causas externas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Alessandro Teixeira Gonsaga

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os óbitos por causas externas em uma microrregião do Estado de São Paulo. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório transversal retrospectivo. Foi feito um levantamento e revisão de 511 prontuários das vítimas de causas externas fornecidos pelo Instituto Médico Legal de Catanduva - SP de 2008 a 2011. Os dados foram classificados por sexo, idade, intencionalidade e mecanismo de causa externa. RESULTADOS: A mortalidade foi predominante no sexo masculino, com 77,9% dos casos (p<0,001. As mortes classificadas como não intencionais representaram 66,9%, enquanto as intencionais, 33,1% (p<0,001. Os acidentes de transporte terrestre foram responsáveis por 45,6% dos casos, sendo a principal causa dos óbitos analisados. O segundo lugar foi atribuído aos suicídios, com 16%, seguido pelos homicídios (13,9%. CONCLUSÃO: Os resultados encontrados diferem dos perfis encontrados em outros estudos brasileiros, aproximando-se mais da realidade de países desenvolvidos, já que a não intencionalidade foi preponderante e as principais causas foram os acidentes de transporte terrestre, suicídios e homicídios, respectivamente. Foi constatada a necessidade de melhorias no preenchimento da declaração de óbito pelos legistas, visto que isto foi uma dificuldade encontrada pelos autores na realização do estudo.

  17. Oportunismo como determinante da estrutura de capital: Um estudo de caso em nanotecnologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena de Cassia Rocha

    2017-06-01

    Full Text Available A discussão sobre os determinantes da estrutura de capital é algo que vem sendo realizado há algum tempo. Contudo, é observado uma lacuna a respeito do tema em empresas de nanotecnologia, assim como trabalhos que enfoquem a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital. Sendo assim, o presente artigo traz uma discussão sobre a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital em empresas de nanotecnologia no Brasil. Para tal, foi realizado um estudo de caso abordando aspectos ligados a estrutura de capital adotada, a verificação da utilização de determinadas teorias sobre o tema e a relevância de algumas fontes. Foi observado que a empresa analisada utiliza a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital devido aos fatores relacionados ao custo das fontes e as exigências por parte dos credores. Assim, em momentos em que os custos e as exigências são aceitáveis, para a empresa, se opta por tais fontes.

  18. Determinantes sociales de la mortalidad por enfermedad diarreica aguda en los menores de 5 años en Colombia

    OpenAIRE

    Reyes Pinto, Doris Yolima

    2015-01-01

    Antecedentes: Las Enfermedades Diarreicas son la segunda mayor causa de muerte infantil en el mundo, alrededor de 760.000 niños menores de cinco años cada año mueren por esta causa. En Colombia, la tasa de mortalidad por Enfermedad Diarreíca Aguda EDA en menores de cinco años pasó de 11.8 en 2009 a 7.34 muertes por 100.000 menores de cinco años en 2011. A pesar de este importante descenso, la mortalidad por EDA, que pudiese evitarse casí en su totalidad, continúa estando entre las primeras ca...

  19. DETERMINANTES DA DIVULGAÇÃO DOS INDICADORES DE DESEMPENHO DA GRI NAS EMPRESAS DO BRASIL E DA ESPANHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Diógenes Góis

    2015-01-01

    Full Text Available O estudo tem por objetivo investigar os fatores determinantes da divulgação dos indicadores de desempenho de sustentabilidade da GRI nas empresas listadas nas bolsas do Brasil e da Espanha. Para tanto, foram analisados os dados de 94 empresas de capital aberto dos dois países que publicaram relatórios anuais e/ou de sustentabilidade, referentes a 2011, no padrão GRI-G3. A pesquisa é descritiva, com abordagem quantitativa dos dados, utilizando-se a Regressão Linear Múltipla para quatro modelos de disclosure (econômico, ambiental, social e de sustentabilidade. Os resultados mostram que as empresas da Espanha apresentam um nível de disclosure de sustentabilidade mais elevado, e que o nível de evidenciação geral, considerando o conjunto das dimensões da sustentabilidade (econômica, social e ambiental, corresponde a 72,7%. Quanto ao resultado dos modelos de regressão, observa-se que as variáveis independentes (Tamanho, Rentabilidade, Endividamento, Auditoria, Setor de Impacto Ambiental e Idade não explicam o disclosure econômico; porém, quanto aos disclosures ambiental, social e de sustentabilidade, as variáveis Tamanho e Idade são fatores determinantes.

  20. Uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais, Brasil

    OpenAIRE

    J.A. Silva; Moreira,E.C.; J.P.A. Haddad; I.B.M. Sampaio; Modena,C.M.; M.A.S. Tubaldini

    2001-01-01

    Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar variáveis do uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Utilizaram-se os dados dos Censos Agropecuários de Minas Gerais- FIBGE, anos de 1970, 1985 e 1995-1996. Empregou-se o método da análise fatorial de componentes principais, com auxílio do programa Minitab versão 9.0. A raiva bov...

  1. Determinantes da anemia em mães e filhos no Brasil

    OpenAIRE

    Claudia Regina Marchiori Antunes Araújo

    2012-01-01

    Introdução: Anemia por carência alimentar de ferro é a deficiência nutricional mais freqüente e preocupante do ponto de vista da saúde coletiva. Afeta principalmente crianças, gestantes e mulheres em idade fértil. Apesar das medidas de intervenção para prevenção e controle da anemia no Brasil, estudos mostram que as prevalências ainda continuam elevadas. Objetivo: Investigar a situação da anemia e seus determinantes em mães e filhos no Brasil, considerando o contexto familiar. Método: Pesquis...

  2. Reflexões sobre a mensuração da mortalidade materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laurenti Ruy

    2000-01-01

    Full Text Available A mortalidade materna é um ótimo indicador da saúde da mulher e, de certa forma, da saúde geral da população. Há grande disparidade entre as taxas (ou razões referentes a diferentes áreas, sendo seu valor bastante elevado nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Numerosos países adotaram programas visando a redução da mortalidade materna, necessitando, então, conhecer as respectivas taxas (ou razões para avaliar e monitorar esses programas. Ocorrem, por várias motivos, dificuldades em conhecer a verdadeira magnitude dessas mensurações. O trabalho apresenta métodos propostos para estimar a mortalidade materna, destacando-se a necessidade de ver com certa reserva os métodos indiretos, preferindo-se sempre, como no caso do Brasil, o aperfeiçoamento do registro civil, fonte legítima dos dados de nascimentos e de mortes.

  3. Correcao de informacoes vitais: estimacao da mortalidade infantil, Brasil, 2000-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Propor método simplificado para corrigir informações vitais e estimar o coeficiente de mortalidade infantil no Brasil. MÉTODOS : A correção dos dados vitais dos sistemas de informação sobre mortalidade e nascidos vivos foi obtida por meio de fatores de correção, estimados com base em eventos não informados ao Ministério da Saúde e captados por pesquisa de busca ativa. O método simplificado de correção das informações vitais, de 2000-2009 para o Brasil e unidades da federação, estabelece o nível de adequação das informações de óbitos e nascidos vivos, pelo cálculo do coeficiente geral de mortalidade padronizado por idade e da razão entre os nascidos vivos, informados e esperados, respectivamente, em cada município brasileiro. A partir da aplicação dos fatores de correção ao número de óbitos e nascidos vivos, informados em cada município, as estatísticas vitais foram corrigidas, possibilitando estimar o coeficiente de mortalidade infantil. RESULTADOS : Os maiores fatores de correção foram referentes aos óbitos infantis que atingiram valores maiores do que 7 para municípios com grande precariedade de informações de mortalidade. Os fatores de correção apresentaram gradiente decrescente à medida que melhoraram os indicadores de adequação das informações vitais para óbitos e nascidos vivos. As informações vitais corrigidas pelo método simplificado por unidade da federação, em 2008, foram similares às obtidas na pesquisa de busca ativa. A taxa de natalidade e o coeficiente de mortalidade infantil decresceram em todas as regiões brasileiras, no período. A taxa de decréscimo anual foi de 6,0% no Nordeste, a maior do Brasil (4,7%. CONCLUSÕES : A busca ativa de óbitos e nascimentos possibilitou calcular fatores de correção por nível de adequação das informações de mortalidade e de nascidos vivos. O método simplificado proposto permitiu corrigir as informações vitais por

  4. Anemia e nível de hemoglobina como fatores prognósticos da mortalidade entre idosos residentes na comunidade: evidências da Coorte de Idosos de Bambuí, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice Lima Álvares da Silva

    2013-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi examinar a influência de baixos níveis de hemoglobina (Hb e anemia na mortalidade entre idosos ao longo de dez anos de seguimento (1997 a 2007. Entre os 1.742 idosos participantes da linha de base da coorte de Bambuí, Minas Gerais, Brasil, 1.322 (82,3% foram acompanhados pelo tempo médio de 8,9 anos. A probabilidade de sobrevida foi estimada pelo método de Kaplan-Meier e o modelo de riscos proporcionais de Cox foi utilizado, estimando-se os hazard ratios (HR e intervalos de 95% de confiança (IC95%, considerando-se os potenciais fatores de confusão. Idosos anêmicos e com baixos níveis de Hb (primeiro tercil apresentaram maior risco de óbito (HR = 2,63; IC95%: 1,83-3,76 e HR = 1,38; IC95%: 1,07-1,79, respectivamente comparados aos não anêmicos e aos de maior nível de Hb. Os resultados demonstram que a ocorrência de anemia e/ou baixos níveis de Hb (independente do diagnóstico de anemia devem ser interpretados e tratados como determinante independente da mortalidade nessa população idosa.

  5. Caracterização dos padrões de mortalidade e identificação dos pontos negros de mortalidade da fauna na A21

    OpenAIRE

    Moreira, Dulce Maria da Conceição Malcata dos Reis

    2015-01-01

    A monitorização da mortalidade da fauna nas estradas tem vindo a receber mais atenção no decorrer dos anos sendo uma temática em que ainda existe potencial para investigação assim como de propostas para medidas de mitigação. Em Portugal, os estudos mais desenvolvidos são geralmente realizados por concessionárias como a Infraestruturas de Portugal, a Brisa entre outras. Reconhece-se a importância desta temática devido aos impactes negativos a nível ecológico e ambiental resultantes da ex...

  6. Valor preditivo da frequência cardíaca em repouso do teste ergométrico na mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Eilert Fagundes

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A frequência cardíaca em repouso (cuja média está entre 60 e 80 bpm é uma das mais simples variáveis cardiovasculares e tem sido considerada como um preditor de mortalidade cardiovascular e geral. OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo da frequência cardíaca em repouso (FCR, antes do teste ergométrico (TE, na mortalidade cardiovascular (CV e geral. MÉTODOS: Estudo de caso-controle, que utilizou informações contidas nos bancos de dados do laboratório de ergometria de um hospital especializado em cardiologia e os registros de óbitos da Secretaria da Saúde em uma cidade do sul do Brasil, de janeiro de 1995 a junho de 2007. Foram analisados 7.055 pacientes, sendo 1.645 (23,3% do grupo caso (óbitos e 5.410 (76,7% do grupo controle (vivos. Foi calculado o ponto de corte da FCR para mortalidade, através da curva ROC e realizada a análise multivariada para as variáveis selecionadas. Os desfechos foram mortalidade CV e geral. RESULTADOS: A incidência de mortalidade CV foi de 674 casos (9,5%; a FCR > 78 bpm foi o ponto de corte. Após ajustado para as variáveis selecionadas, o odds ratio (OR para FCR > 78 bpm foi de 3,5 (IC 95% = 2,9 - 4,2 para mortalidade CV e 3,6 (IC 95% = 3,2 - 4,0 para mortalidade geral. CONCLUSÃO: A FCR > 78 bpm é um preditor independente de mortalidade cardiovascular e geral.

  7. Tendência da mortalidade neonatal na cidade de Salvador (Bahia-Brasil, 1996-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annelise C. Gonçalves

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivos:analisar a tendência da mortalidade neonatal, principais causas e potenciais fatores de risco, em Salvador-Bahia, 1996-2012.Métodos:estudo de série temporal tendo como fontes de dados os Sistemas de Informação sobre Mortalidade e sobre Nascidos Vivos/NV e Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. Parâmetros da tendência temporal do coeficiente de mortalidade neonatal/CMN e da proporção de NV segundo características maternas, do recém-nascido e de atenção à saúde foram obtidos mediante Regressão Linear Simples. Coeficiente de Correlação de Spearman avaliou relação entre estas variáveis.Resultados:observou-se declínio de 21,2% no CMN, principalmente devido ao componente precoce (β= - 0,730; p=0,006; R2= 0,423. Acompanhou esta tendência, a proporção de NV de mães adolescentes e sem instrução. A proporção de NV de mães com idade > 35 anos, nascimentos prematuros e de partos cesáreos exibiram crescimento. Predominaram mortes neonatais por Infecções específicas do período perinatal (13,2%, Hipóxia intrauterina/Asfixia ao nascer (8,4% e Transtornos relacionados à prematuridade/baixo peso ao nascer (15,9%, estas últimas com tendência de crescimento (β= 1,319; p=0,006; R2= 0,428.Conclusões:a mortalidade neonatal e potenciais fatores de risco estão decrescendo em Salvador. Iniciativas voltadas para melhoria da atenção ao recém-nascido e das condições de vida da população podem estar contribuindo para esta tendência.

  8. Mortalidade de adolescentes em área urbana da região Sudeste do Brasil, 1984-1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lyra Sílvia M. Kawata

    1996-01-01

    Full Text Available Analisa-se a mortalidade de adolescentes no Município de Botucatu, Estado de São Paulo, Brasil, no período de 1984 a 1993, segundo dois subgrupos (10 a 14 e 15 a 19 anos, sexo, ocupação e causas de óbito. Os dados de óbitos foram obtidos no Setor de Estatística do Centro de Saúde-Escola. As estimativas populacionais foram calculadas com base nos censos demográficos. Observou-se variação dos coeficientes de mortalidade nos diferentes anos e maior mortalidade no grupo masculino de 15 a 19 anos, atingindo tanto estudantes como trabalhadores. Houve predomínio de causas externas de mortalidade, principalmente acidentes de trânsito e ferimento por arma de fogo, exigindo averigüação de seus determinantes e o desenvolvimento de programas de saúde destinados aos adolescentes, suas famílias e à sociedade, considerando-se que as causas de morte são evitáveis e preveníveis.

  9. DETERMINANTES DA LEALDADE DE FUNCIONÁRIOS DE CONCESSIONÁRIAS AUTOMOTIVAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Edy Dagnoni Mondini

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar o que determina a lealdade de funcionários de concessionárias automotivas. Como determinantes da lealdade, pesquisaram-se as dimensões propostas nos estudos de Bates et al. (1995: relação com a coordenação, relação com supervisores, recompensas oferecidas pela empresa, resolução de problemas em grupo, proximidade com a chefia, centralização de poder na empresa e filosofia da empresa. Para esta análise, realizou-se um estudo descritivo e quantitativo com 151 colaboradores de sete concessionárias de veículos localizadas na cidade de Blumenau. Por meio de regressão linear múltipla, verificou-se que, dos itens investigados, apenas a filosofia da empresa e a resolução de problemas em equipe contribuem para a lealdade do colaborador à empresa.

  10. Da noção de determinação social à de determinantes sociais da saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Arêas Garbois

    Full Text Available RESUMO O ensaio aborda criticamente a noção de determinantes sociais da saúde, veiculada oficialmente pela Organização Mundial da Saúde, a partir da discussão sobre sua perspectiva conceitual que difere bastante daquela cunhada por volta dos anos 1970, pela corrente médico-social latino-americana, de determinação social da saúde. A discussão desnuda os preceitos filosóficos que sustentam a noção de determinantes sociais da saúde, a partir dos argumentos fundados na sociologia positivista de Émile Durkheim. Conclui-se que essa noção identifica um 'social' fragmentado, trazendo consequências práticas e políticas e mostrando-se insuficiente para analisar as mudanças sociais da contemporaneidade.

  11. ANÁLISIS DE LAS PRINCIPALES VARIABLES DETERMINANTES DE LA EVOLUCIÓN DE LA MORTALIDAD POR DEMENCIAS EN ANDALUCÍA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Ruiz Ramos

    2012-01-01

    Full Text Available Fundamentos: Las demencias son una de las causas de mortalidad que más han aumentando en los último años en los países desarrollados. El objetivo de este trabajo es analizar la mortalidad por edad, sexo, estado civil, así como su evolución temporal en Andalucía en el periodo de 1999 al 2010. Métodos: Con las defunciones por demencias de los mayores de 59 años del Instituto de Estadística de Andalucía y las poblaciones correspondientes, se calcularon las tasas de mortalidad bruta, estandarizadas por edad y sexo, y específicas por edad; mediante regresión joinpoint se calculó los porcentajes anuales de cambio; y además con las estimaciones de las poblaciones por estado civil y sus defunciones calcularon las tasas brutas y estandarizadas por edad, sexo y estado civil. Resultados: Las tasas de mortalidad estandarizadas pasaron de 124,8 a 161,0 defunciones por 100.000 en las mujeres y de 110,3 a 147,7 en los hombres, el incremento anual fue del 4,2% y 3,8% en mujeres y hombres. Las mujeres murieron más que los hombres con una razón de tasas estandarizadas entre 1,08 y 1,29. Y, la edad fue la variable que más determinó la mortalidad. Conclusiones: La mortalidad por demencias en Andalucía ha experimentado un importante incremento en los últimos doce años y continuará aumentando, con el consiguiente impacto sanitario y social que tienen este grupo de enfermedades configurándose como un importante problema de salud.

  12. Modernização da Agricultura em Moçambique: determinantes da renda agrícola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos E. Guanziroli

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é verificar até que ponto as tecnologias oriundas da revolução verde foram efetivamente adotadas na África Subsaariana e, nos casos em que foram adotadas, se tiveram sucesso em melhorar a renda e a produtividade da agricultura. Para este fim, o trabalho faz primeiramente um breve resumo do estado das artes da revolução verde na África, mostrando quais países avançaram mais e como se correlaciona a utilização de fertilizantes químicos com os aumentos de produtividade. Faz-se também uma discussão sobre as características do processo de intensificação num caso em particular, o de Moçambique. Finalmente, com base nos microdados do Tratado de Inquérito Agrícola (TIA, se testa um modelo econométrico de MQO que visa avaliar os determinantes da renda agrícola e, em particular, do uso de fertilizantes químicos.

  13. Mortalidade perinatal em cabritos no semi-árido da Paraíba

    OpenAIRE

    Medeiros,Josemar Marinho de; Tabosa,Ivon Macêdo; Simões,Sara Vilar Dantas; Nóbrega Júnior,Janduí Escarião da; Vasconcelos,Jackson Suélio de; Riet-Correa, Franklin

    2005-01-01

    As causas de mortalidade perinatal em cabritos foram estudadas de maio de 2002 a agosto de 2004. Em 118 cabritos necropsiados as causas de morte foram: infecção neonatal (50%), distocia (12,71%), complexo hipotermia/inanição (11,86%), malformações (7,62%), síndrome do cabrito mole (6,77%) e abortos (1,69%). Com relação ao momento da morte 1,69% dos cabritos morreram antes do parto, 16,94% durante o parto e 81,34 % após o nascimento. A alta ocorrência de infecções neonatais, distocias e hipote...

  14. Tendência da mortalidade por câncer nas capitais e interior do Brasil entre 1980 e 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulnar Azevedo e Silva

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência corrigida da mortalidade geral por câncer e principais tipos nas capitais e demais municípios do Brasil entre 1980 e 2006. MÉTODOS: Os dados sobre óbitos (n = 2.585.012 decorrentes de câncer entre 1980 e 2006 foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os demográficos, no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As taxas de mortalidade geral por câncer e principais tipos foram corrigidas redistribuindo proporcionalmente 50% das mortes mal definidas e padronizando-as por idade segundo população padrão mundial. As curvas de tendência para o Brasil e grandes regiões foram calculadas para capitais e demais municípios segundo sexo e avaliadas por meio de regressão linear simples. RESULTADOS: Entre os homens, as taxas de mortalidade para os cânceres de pulmão, próstata e colo-retal foram ascendentes; declinantes para o de estômago e estáveis para o de esôfago. Entre as mulheres, houve aumento da mortalidade por câncer de mama, pulmão e colo-retal; e diminuição das taxas para os cânceres de colo do útero e de estômago. A evolução da mortalidade variou entre as regiões do País, com padrões distintos entre as capitais e demais municípios. CONCLUSÕES: A correção das taxas de mortalidade com redistribuição dos óbitos mal definidos aumentou a magnitude da mortalidade geral por câncer no Brasil em cerca de 10% em 1980 e 5% em 2006. Nos municípios do interior não se observou tendência à queda ou estabilidade como nas capitais. Menor alcance das ações de prevenção e a dificuldade de acesso a serviços de diagnóstico e tratamento para câncer para a população residente fora dos grandes centros urbanos podem explicar, em parte, essas diferenças.

  15. Análise da tendência da mortalidade por acidente vascular cerebral no Brasil no século XXI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Regina Garritano

    2012-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Embora seja mundialmente a segunda principal causa de óbitos, o Acidente Vascular Cerebral (AVC vem apresentando uma importante redução das taxas de mortalidade nas últimas décadas. OBJETIVO: Avaliar a tendência da taxa de mortalidade por acidente vascular cerebral no Brasil, em ambos os sexos, a partir dos 30 anos de idade, entre 2000 e 2009. MÉTODOS: Os dados populacionais foram obtidos no banco de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e os óbitos, por meio do Sistema de Informações sobre Mortalidade da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, sendo incluídos os códigos I60 a I69 de acordo com a 10ª Classificação Internacional de Doenças. Foi calculada a incidência de óbitos/1.000 habitantes, as taxas de mortalidade bruta e padronizada/100.000 habitantes. A modelagem da tendência das taxas foi feita com modelos de regressão. RESULTADOS: Observou-se um aumento na incidência de óbitos até 2006, seguindo-se um declínio até 2009, quando ocorreu a incidência mínima. Comparando os anos 2000 e 2009, nota-se uma tendência de queda da taxa de mortalidade padronizada em ambos os sexos (masculino = -14,69%; feminino = -17% e no total (-14,99%, com oscilações no período. Entre 30 e 49 anos em ambos os sexos, houve uma tendência de redução contínua e linear da taxa de mortalidade, enquanto os demais grupos etários apresentaram uma função curvilínea, culminando com uma efetiva diminuição dos valores. CONCLUSÃO: Houve uma tendência de queda na taxa de mortalidade em todas as faixas etárias e em ambos os sexos. A redução da taxa de mortalidade bruta foi mais acentuada no sexo masculino, enquanto a taxa de mortalidade padronizada mostrou uma maior redução no sexo feminino.

  16. Determinantes da formação de board interlocking no mercado de capitais brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Ribeiro

    2016-10-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo identificar os principais determinantes para a formação de board interlocking no mercado de capitais brasileiro. Como estrutura teórica utiliza a Teoria da Agência e Governança Corporativa, Teoria da Dependência dos Recursos e Conselho de Administração e a Caracterização do Board Interlocking. A amostra compreende 58 empresas brasileiras que participam do Índice Bovespa (Ibovespa. O estudo classifica-se como empírico-analítico. Em relação aos objetivos caracteriza-se como exploratória, quanto aos procedimentos trata-se de uma pesquisa documental. Os dados sobre os Conselhos de Administração foram coletados por meio dos Formulários de Referência, disponibilizados no website da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBOVESPA. Os resultados encontrados demonstram que a presença de board interlocking é generalizada nessas empresas e normalmente está associada a quatro fatores: (1 formação do grupo econômico; (2 controle governamental; (3 formação de fundos de pensão; e (4 presença de profissionais com reconhecida experiência de mercado. Os resultados também sugerem que os três primeiros fatores originam ligações mais duradouras e dificilmente tais conexões são rompidas. Por outro lado, as ligações realizadas por meio de profissionais com experiência de mercado tendem a ser mais instáveis por ser a presença de tais profissionais muito requisitadas no conselho de diferentes companhias.

  17. Evolução da mortalidade infantil por causas evitáveis, Belo Horizonte, 1984-1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Prates Caldeira

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução da mortalidade infantil em região urbana com enfoque para o grupamento de causas evitáveis no período neonatal e pós-neonatal. MÉTODOS: O número de óbitos ocorridos na região metropolitana de Belo Horizonte, MG, foi obtido do Sistema de Informações em Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM-MS e o número de nascidos vivos foi estimado a partir das estatísticas do registro civil da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, com correção dos registros atrasados de nascimentos. Utilizou-se modelo de regressão linear simples para estimar a tendência temporal das taxas de mortalidade infantil e seus componentes. A significância estatística da inclinação das curvas de regressão foi considerada para o nível p<0,05. RESULTADOS: Foi observado decréscimo da taxa de mortalidade infantil de 48,5 para 22,1 por mil nascidos vivos em toda a região. Entretanto, a queda mais acentuada foi observada nos últimos quatro anos da série. O componente pós-neonatal foi o principal responsável pelo declínio tanto na capital como nos demais municípios que compõem a região metropolitana de Belo Horizonte. CONCLUSÕES: Embora tenha sido observada para a região uma queda significativa da mortalidade infantil e particularmente da mortalidade pós-neonatal, esta última ainda se apresenta elevada em relação aos países desenvolvidos. As afecções perinatais e o grupamento diarréia-pneumonia-desnutrição representam importante potencial de redução. Discute-se o papel dos serviços de saúde na evitabilidade de tais óbitos.

  18. Tendência da mortalidade por neoplasias malignas selecionadas em Rio Branco, Acre, Brasil, 1980-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano de Pádua Nakashima

    2011-06-01

    Full Text Available A distribuição temporal da incidência e mortalidade por câncer na Amazônia Ocidental é desconhecida. As tendências das taxas de mortalidade por câncer ajustadas por idade nas localizações anatômicas apresentando maior magnitude entre 1980-2006 em Rio Branco, Acre, Brasil, foram modelizadas por meio de regressão linear. A tendência temporal da mortalidade por câncer em homens revelou padrão de crescimento não constante, e estabilidade em mulheres. Ao final da série, as taxas mais elevadas em mulheres foram, em ordem decrescente, colo uterino, pulmão, fígado e vias biliares intra-hepáticas, estômago e mama. No sexo masculino, foram pulmão, próstata, fígado e vias biliares intra-hepáticas, estômago e esôfago. O padrão observado revela elevação na mortalidade por câncer de mama e pulmão em mulheres, declínio de câncer de colo uterino, pulmão em homens, e estômago em ambos os sexos. A elevada mortalidade por câncer de fígado merece destaque em decorrência das elevadas taxas de infecção pelo vírus da hepatite B e C no Acre.

  19. Mortalidade perinatal e evitabilidade: revisão da literatura Perinatal mortality and evitability: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Lansky

    2002-12-01

    Full Text Available Neste artigo, realizou-se uma revisão da literatura sobre mortalidade perinatal com maior enfoque na evitabilidade desses óbitos. Foram pesquisadas, sobretudo, publicações da década de 90 nas bases Medline e Lilacs (América Latina e Caribe. Discutiram-se as dificuldades para a realização de estudos nesta área, ainda em número restrito no Brasil, em decorrência do grande subregistro de óbitos fetais e da má qualidade da informação nas declarações de óbitos. Foram apresentadas as principais propostas de classificação dos óbitos perinatais baseadas em enfoque de evitabilidade, com destaque para a classificação de Wigglesworth. Nesta abordagem, os óbitos perinatais foram relacionados a momentos específicos da assistência, sendo evidenciadas as possibilidades de sua prevenção. Recomenda-se o enfoque de evitabilidade para a abordagem da mortalidade perinatal no Brasil, dado que as taxas são ainda elevadas, a maioria dos óbitos é considerada evitável e poderia ser prevenida com a melhoria da assistência pré-natal, ao parto e ao recém-nascido, não apenas quanto à sua resolubilidade clínica, mas também à organização da assistência em sistemas hierarquizados e regionalizados, assegurando o acesso da gestante e do recém-nascido em tempo oportuno a serviços de qualidade.This is a literature review onperinatal mortality focusing its evitability. A Medline and Lilacs (Latin-America and Caribbean search was conducted for the 90s. There are few research studies on this subject in Brazil due to the great number of underreported fetal deaths and the low quality information provided in death certificates. Different proposals for perinatal death classification are presented. Most are based on grouping the underlying causes of deaths in a functional system in order to facilitate the analysis. In the Wigglesworth classification system, one of the most recommended methods, deaths are related to the different stages of care

  20. Os determinantes da interação universidade-empresa e o desenvolvimento tecnológico das empresas

    OpenAIRE

    Puffal, Daniel Pedro

    2011-01-01

    A interação entre a academia e a indústria tem sido apresentada como um importante mecanismo para o desenvolvimento tecnológico das empresas, regiões e países. Com objetivo de contribuir para a compreensão e o esclarecimento das características da interação universidade-empresa e a relação com o desempenho tecnológico das empresas brasileiras, este trabalho busca identificar se os determinantes da interação universidade-empresa e os tipos de interação influenciam no desempenho relativo à inov...

  1. Estudo da causa determinante de sinistros de trânsito em cruzamentos ortogonais sinalizados com a placa R-2

    OpenAIRE

    Andrade, Charles Albert

    2013-01-01

    O estudo da causa determinante de sinistros de trânsito ocorridos em cruzamentos ortogonais sinalizados com a placa do tipo R-2 deve ser feito segundo um modelo que considere os comportamentos dos condutores quanto às velocidades desenvolvidas e quanto ao tipo de reação prévia à colisão. Tal modelo deve ser fundamentado na física clássica, na psicologia, na epistemologia, no direito penal e nas normas nacionais de trânsito. Após revisão da literatura brasileira, foi possível constatar a inexi...

  2. Reações adversas a medicamentos como determinantes da admissão hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PFAFFENBACH GRACE

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A freqüência de reação adversa a medicamentos (RAM como determinante da hospitalização não está bem documentada na literatura médica brasileira. Objetivou-se determinar esta freqüência, documentando o padrão de uso de medicamentos antes da hospitalização. MÉTODOS: O estudo foi realizado em um hospital escola de atenção terciária à saúde. Constou de duas fases distintas, sendo a primeira a análise dos dados disponíveis a respeito dos diagnósticos que levaram à admissão hospitalar na enfermaria de Medicina Interna durante o ano de 1997. Após esta análise, foi realizado em 1999 o monitoramento intensivo das RAMs de pacientes internados durante quatro meses e o registro dos medicamentos usados nos 15 dias que antecederam a internação e os padrões de morbidade dos pacientes da enfermaria. RESULTADOS: Em 1997, ocorreram 938 internações, 53,4% de pacientes masculinos, com 1,1 diagnóstico por internação e nenhum diagnóstico de RAM. Na segunda fase do estudo, dos 135 pacientes, 52% do sexo feminino, 92% usaram medicamentos antes da internação, e destes, 42% se auto-medicaram nos 15 dias anteriores à internação. A média de uso de medicamentos foi de 3,7. RAM foi responsável por ou teve participação em 6,6% das internações. CONCLUSÕES: O Monitoramento intensivo de pacientes estimula a notificação de RAM e serve como um recurso didático importante na formação dos profissionais de saúde quanto ao uso racional de medicamentos.

  3. Determinantes da aprendizagem em escolas municipais Determinantes del aprendizaje en escuelas municipales Determinants of learning in municipal schools

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto de Mello e Souza

    2005-12-01

    Full Text Available O artigo lida com a questão da escola eficiente, ou seja, procura examinar em escolas de três municípios os fatores escolares que mais influenciam a aprendizagem do aluno. A sua vantagem é o detalhamento das perguntas, que permite conhecer melhor aspectos tanto do ambiente escolar, como da sala de aula. Os dados aqui analisados são de um teste clássico de língua portuguesa, aplicado a alunos de quarta série das turmas e escolas selecionadas, e de questionários sobre os alunos, professores, diretores e escolas. Inicialmente, usando análise de regressão múltipla, são identificadas as variáveis significativas em cada questionário; ao final é apresentado o modelo geral. Entre os resultados obtidos, fica claro que o grau de participação de professores e pais de alunos no processo escolar favorece o desempenho dos alunos. A autonomia da escola, tanto pedagógica como administrativa, também tem reflexos importantes na sala de aula. A formação superior de professores e diretores não favorece melhores resultados dos alunos, o que coloca em questão a natureza dessa formação. Os efeitos negativos da repetência são bem maiores do que os do ingresso tardio na escola. Finalmente, a posse do livro didático é um fator crítico para a aprendizagem, assim como a existência de instalações como biblioteca e sala de vídeo.Este artículo tiene como tema la escuela eficiente. Busca examinar los factores escolares que más influencian el aprendizaje del alumno en escuelas de tres municipios. La minuciosidad de las preguntas permite conocer mejor los aspectos del ambiente escolar y de las clases. Los datos analizados son provenientes de uno teste clásico de lengua portuguesa, aplicado a alumnos de cuarta serie de las clases y escuelas seleccionadas, y de cuestionarios para los alumnos, maestros, directores e escuelas. Primeramente, usando análisis de regresión múltipla, son identificadas las variables significativas en cada

  4. Os determinantes do impacto da crise financeira internacional sobre a taxa de crescimento do PIB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaís Guimarães

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo O objetivo principal deste trabalho é avaliar os determinantes do impacto da crise financeira internacional sobre a mudança na taxa de crescimento do PIB (2009-2008 para 118 países, utilizando estimações por MQO. Os resultados econométricos para os modelos estimados tendo como variável dependente a diferença entre a taxa de crescimento do PIB real em 2009, e o projetado em 2008 para 2009, indicam que apreciações cambiais e uma piora na percepção dos investidores estão associadas a uma maior diferença entre a taxa de crescimento do PIB real de 2009 em relação à taxa de crescimento projetada em 2008 para 2009. Além disso, um aumento no nível de reservas internacionais e uma melhora na situação orçamentária do governo estão associados a uma diminuição na diferença entre a taxa de crescimento do PIB real de 2009 em relação à taxa de crescimento projetada em 2008 para 2009. Os resultados das estimações para os modelos com a variável dependente dada pela diferença entre a taxa de crescimento de 2009 e 2008 revelam que o nível de reservas internacionais, a medida do grau de flexibilidade do regime cambial (classificação de regime cambial e o PIB per capita são estatisticamente significativos, e países com maior montante de reservas internacionais, PIB per capita e grau de flexibilidade cambial estão associados a uma menor variação na taxa de crescimento entre 2009 e 2008.

  5. Determinantes da adoção da tecnologia de despolpamento na cafeicultura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Zambon Monte

    2006-06-01

    Full Text Available Os cafeicultores de Venda Nova do Imigrante, ES, que em sua maioria são agricultores familiares, têm adotado novas tecnologias para melhorar a qualidade do café arábica produzido na região. O objetivo deste trabalho é identificar os fatores que determinam a adoção da tecnologia de despolpamento pelos cafeicultores do município. O modelo Logit é utilizado como instrumento metodológico. Observa-se, pelos resultados, que os aspectos relativos a associativismo, escolaridade, capital próprio, produtividade, rentabilidade e treinamento determinam a adoção da tecnologia de despolpamento. As variáveis que mais contribuem para a adoção da tecnologia de despolpamento são rentabilidade, associativismo e treinamento.The family farm coffee producers from Venda Nova do Imigrante, ES, have adopted the pulping technology to improve Arabic coffee quality. The objective of this paper is to identify the adoption determinants of the pulping technology by the coffee producers. The Logit model is applied for data analysis. The pulping technology adoption is determined by the variables: coop affiliation, years of school, own capital stock, yield, profitability and training. The variables with greater marginal impact on coffee pulping technology adoption are: profitability, coop affiliation and training.

  6. Evolução da mortalidade por câncer cérvico-uterino em Salvador - BA, 1979-1997 Evolution of the mortality for cervico-uterine cancer in Salvador - BA, 1979-1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susanne Andrade Derossi

    2000-12-01

    Full Text Available O câncer cérvico-uterino, quando diagnosticado e tratado precocemente, constitui-se em uma causa de morte perfeitamente evitável. Entretanto, no Brasil, a mortalidade por esta causa ainda é elevada, persistindo como problema de saúde pública. O objetivo deste trabalho é descrever a evolução da mortalidade e estimar os anos potenciais e produtivos de vida perdidos por esta neoplasia, em Salvador-Bahia, entre 1979 e 1997. Trata-se de um estudo de agregados de série temporal, no qual foram considerados todos os óbitos de mulheres com idade igual ou superior a 20 anos, que tiveram como causa básica de morte o câncer de colo uterino e de porção não especificada do útero. Utilizou-se como fontes de dados o CD ROM: DATA SUS/ MS, o IBGE e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia/SESAB. Os indicadores empregados foram as taxas de mortalidade específicas por idade, brutas e padronizadas por idade. Houve um decréscimo de 50,6% na taxa padronizada de mortalidade por este tipo de câncer, no período analisado, cujos valores variaram de 17,6/100.000 mulheres em 1979 a 8,7 em 1997. Observou-se ainda que o risco de morte por esta causa cresce à medida que aumenta a idade e que a sua magnitude torna-se mais expressiva a partir de 40 anos. A variação da média de anos potenciais de vida perdidos por mulher foi de 15,5 no ano de 1986 a 20,4 em 1980. Os autores concluem que a mortalidade por câncer cérvico-uterino neste município ainda é alta e discutem os possíveis fatores determinantes da evolução desta mortalidade. Destacam a necessidade de ações efetivas na prevenção da morbi-mortalidade por esta causa.When early diagnosed and treated, cervical cancer is a perfectly avoidable cause of death. In Brazil, however, mortality from cervical cancer is still high and remains a public health problem. This study is aimed at both describing the evolution of such mortality and estimating the potential and productive years of life lost due

  7. Evolução da população e da mortalidade em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, 1979 a 1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tomassini Hugo Coelho Barbosa

    2003-01-01

    Full Text Available A análise da série histórica de 1979-1997 permite perceber a evolução demográfica e da mortalidade no Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, ao longo dessas décadas. A população apresentou um declínio na velocidade de crescimento, com alteração significativa de sua estrutura etária. Observa-se, na série temporal, o declínio da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, a tendência geral de declínio das doenças infecto-parasitárias, com acentuado aumento a partir de 1996, decorrente da mudança de classificação das doenças (CID-9 para CID-10. Quanto à mortalidade infantil, destaca-se o predomínio dos óbitos na faixa neonatal. O desvendar das doenças e agravos dentro dos grandes grupos revela a importância das doenças isquêmicas do coração e doenças cerebrovasculares, dos homicídios, acidentes de transporte e da AIDS.

  8. Determinantes do uso de medidas sanitárias de controle da brucelose e tuberculose bovinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Carneiro Mareti Valente

    2011-03-01

    Full Text Available A pecuária bovina é um dos mais importantes setores do agronegócio brasileiro. Entretanto, a sanidade dos rebanhos brasileiros - peça fundamental para a atividade - ainda é uma questão pouco estudada em termos econômicos. Assim, este trabalho buscou identificar os principais determinantes do uso das medidas preventivas estabelecidas pelo Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT. Para isso, utilizou-se um modelo Tobit em painel. Os principais resultados indicam que o início efetivo do programa, em 2004, estimulou significativamente o aumento das medidas. Também observou-se que a vacinação não é influenciada pelos preços pagos tanto para carne quanto para leite, mas que esses afetavam positivamente o número de exames de tuberculose. Variáveis relativas às transferências do governo federal por convênio aos estados e às exportações de carne ou leite não foram significativas. Concluiu-se que o PNCEBT vem apresentando bons resultados. Além disso, podem ser planejados incentivos econômicos aos produtores, de modo a estimular o aumento das práticas preventivas estudadas.The bovine livestock is one of the most important sectors in the Brazilian agribusiness. However, Brazilian herds' health - very important for the activity - is still an issue rarely studied in economic terms. Therefore, the present study tried to identify the major determinants of the use of preventive measures established in the National Program for Control and Eradication of Animal Brucellosis and Tuberculosis (PNCEBT. For this, a Panel Tobit model was used. Results show that the effective beginning of PNCEBT in 2004, has significantly stimulated the increase of measures' use. It was also observed that vaccination is not influenced by the prices paid both for meat and milk, but those affected positively the number of tuberculosis tests. Variables related to federal government transfer, by agreement, to states and

  9. Distribuição espacial do risco: modelagem da mortalidade infantil em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Spatial risk distribution: modeling infant mortality in Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia E. Shimakura

    2001-10-01

    Full Text Available Estimação e mapeamento de perfis de risco são interesses da Epidemiologia. Neste trabalho, é analisada a distribuição espacial de casos de mortalidade infantil, comparados a controles de nascidos vivos amostrados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. A modelagem adotada neste trabalho baseia-se em um processo pontual espacial, na qual se define uma medida de risco que varia continuamente sobre a região de estudo e estimada por meio de métodos de modelos aditivos generalizados. Essa abordagem possui a vantagem de permitir a incorporação, no modelo, de efeitos de determinantes individuais e ecológicos de risco sob forma simples e de fácil interpretação. Também permite a construção de contornos de tolerância que auxiliam na identificação de áreas de alto/baixo risco e de um teste global da hipótese nula de risco constante relativa à região. A aplicação do método aos dados de mortalidade infantil mostrou variação espacial no risco altamente significativa para mortalidade neonatal e não significativa para mortalidade pós-neonatal.Estimation and mapping of risk profiles are the main concerns of epidemiology. This paper analyzes spatial distribution of infant mortality cases as compared to live-born controls from Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The modeling framework adopted in this research work is a spatial point process. Under this structure, a risk measure which continuously varies over the study region is defined and estimated using generalized additive model methods. This approach has the advantage of allowing for risk factors that are simple and easy to interpret. The procedure also allows the construction of tolerance contours which help identify areas of significantly high/low risk and an overall test for the null hypothesis of constant risk over the region. Application of this method to infant mortality data showed a highly significant spatial

  10. Evolução de indicadores socioeconômicos e da mortalidade cardiovascular em três estados do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Porto Soares

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Doenças do aparelho circulatório são a primeira causa de morte no Brasil. OBJETIVO: Correlacionar taxas de mortalidade por doenças do aparelho circulatório nos Estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, e em suas capitais, entre 1980 e 2008, com indicadores socioeconômicos coletados a partir de 1949. MÉTODOS: Populações e óbitos obtidos no Datasus/MS. Calcularam-se taxas de mortalidade por doenças isquêmicas do coração, doenças cerebrovasculares, causas mal definidas, doenças do aparelho circulatório (DApCirc e todas as causas, ajustadas pelo método direto e compensadas por causas mal definidas. Dados de mortalidade infantil foram obtidos nas secretarias estaduais e municipais de saúde e no IBGE. Dados de PIB e escolaridade foram obtidos no Ipea. As taxas de mortalidade e os indicadores socioeconômicos foram correlacionados pela estimação de coeficientes lineares de Pearson, para determinar a defasagem anual otimizada. Foram estimados os coeficientes de inclinação da regressão entre a dependente doença e a independente indicador socioeconômico. RESULTADOS: Houve redução da mortalidade nos três Estados, essa ocorreu especialmente por queda de mortalidade por doenças cardiovasculares, em especial das doenças cerebrovasculares. A queda da mortalidade por doenças do aparelho circulatório foi precedida por redução da mortalidade infantil, elevação do produto interno bruto per capita e aumento na escolaridade, com forte correlação entre indicadores e taxas de mortalidade. CONCLUSÃO: A variação evolutiva dos três indicadores demonstrou correlação quase máxima com a redução da mortalidade por DApCirc. Essas relações sinalizam a importância na melhoria das condições de vida da população para reduzir a mortalidade cardiovascular.

  11. Determinantes da demanda brasileira por importação de arroz do Mercosul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Henrique Dario Capitani

    2011-09-01

    Full Text Available Desde meados da década de 1990, o arroz é um dos principais produtos agrícolas importados pelo Brasil, principalmente do Uruguai e da Argentina, o que frequentemente gera questionamentos dos orizicultores brasileiros. O objetivo deste artigo é analisar os determinantes das importações brasileiras deste cereal, e para tanto, apresenta-se um modelo econômico visando analisar esta relação comercial no Mercosul, assumindo que as importações brasileiras de arroz são resultantes de um excesso de demanda doméstica pelo cereal. Utiliza-se um Modelo Autorregressivo Vetorial - VAR estrutural. Os resultados mostram uma forte relação do volume importado com o preço doméstico do arroz e com a taxa de câmbio. Verifica-se uma significativa participação do preço de importação na explicação do preço doméstico. A quantidade importada de arroz responde positivamente a um choque positivo no preço doméstico e negativamente a choques positivos no preço de importação e na taxa de câmbio. Verifica-se uma relação de bicausalidade entre o preço doméstico e o preço de importação de arroz. Uma das principais conclusões é que a demanda por importação reage imediatamente a choques no preço doméstico e taxa de câmbio, e posteriormente, a choques no preço de importação, sugerindo dificuldades em substituir imediatamente o volume importado no mercado doméstico.Since the middle of the 90's, rice has been one of the main agricultural products imported by Brazil, particularly from Uruguay and Argentina, which very often raises concerns to Brazilian rice producers. This paper aims to analyze the factors that determine the Brazilian rice imports, and therefore proposes an economic model to examine these trade flows in Mercosur, assuming that the Brazilian rice imports results from a domestic demand surplus. An econometric model Vector Auto-regressive (structural VAR is applied. Results show a strong relationship among rice imports

  12. Fatores determinantes da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará, Brasil

    OpenAIRE

    Andrade, Eunice Maia de; Araújo,Lúcia de Fátima Pereira; Rosa, Morsyleide de Freitas; Gomes,Raimundo Benvindo; Lobato, Francisco Antonio de Oliveira

    2007-01-01

    Análise Fatorial/Análise da Componente Principal (AF/ACP) foram empregadas com o objetivo de identificar os fatores determinantes (naturais e antrópicos) da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará. Realizaram-se coletas trimestrais, no período de fev/2003 a mar/2004, em seis pontos localizados nas áreas de influência urbana e de drenagem de perímetros irrigados. Foram analisados os parâmetros pH, temperatura, cor, turbidez, nitrato, amônia total, amônia livre, amônia i...

  13. Atenção a saude da gestante e mortalidade neonatal

    OpenAIRE

    Solange Duarte de Mattos Almeida

    2004-01-01

    Resumo: Este trabalho foi composto por três tipos de estudos epidemiológicos sobre mortalidade neonatal e atenção à saúde no município de Campinas-SP, no período compreendido entre janeiro de 2000 e dezembro de 2002. No primeiro estudo, uma coorte de 49.310 nascidos vivos, dos quais 327 evoluíram para óbito antes de completar 28 dias de vida, foi analisada para identificar os fatores associados a mortalidade neonatal tendo como potenciais fatores de risco as variáveis presentes na declaração ...

  14. Tendência da mortalidade perinatal em Belo Horizonte, 1984 a 2005 Tendencia de la mortalidad perinatal en Belo Horizonte, 1984 a 2005 Tendency of perinatal mortality in Belo Horizonte, 1984 to 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Francisca Martins

    2010-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou analisar a tendência da mortalidade perinatal no município de Belo Horizonte no período de 1984 a 2005. A fonte dos dados foi o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM. Realizou-se regressão linear simples para estimar a tendência de redução do percentual de informações ignoradas no SIM e das taxas de mortalidade. A melhora da qualidade da informação foi estatisticamente significativa apenas para a escolaridade materna e peso ao nascer. A redução média da mortalidade perinatal no período foi de 57,52%. O decréscimo da mortalidade perinatal nas duas últimas décadas em Belo Horizonte foi significativo, mas esforços devem ser direcionados no sentido de melhorar a completude do SIM para variáveis importantes na elaboração dos indicadores perinatais.El estudio apuntó a analizar la tendencia de la mortalidad perinatal en el distrito municipal de Belo Horizonte en el periodo de 1984 a 2005. La fuente de los datos era el Sistema de Información de Mortalidad. Tuvieron lugar la regresión lineal simple para estimar la tendencia de reducción del percentil de información desconocida en el sistema y de los impuestos de mortalidad. La mejora de la calidad de la información fue los significantes sólo para la educación maternal y peso al nacer. La reducción elemento de la mortalidad perinatal en el periodo era de 57,52%. La disminución de la mortalidad perinatal en las últimas dos décadas en Belo Horizonte era significante, pero deben dirigirse los esfuerzos en el sentido de mejorar el completude del sistema para las variables importantes en la elaboración del perinatais de los indicadores.The study aimed at to analyze the tendency of the mortality perinatal in the municipal district of Belo Horizonte in the period from 1984 to 2005. The source of the data was the System of Information of Mortality. Took place simple lineal regression to esteem the tendency of reduction of the percentile of unknown

  15. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kac Gilberto

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.

  16. Pesquisa Nascer no Brasil: perfil da mortalidade neonatal e avaliação da assistência à gestante e ao recém-nascido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Lansky

    2014-08-01

    Full Text Available Estudo de coorte sobre a mortalidade neonatal na pesquisa Nascer no Brasil, com entrevista e avaliação de prontuários de 23.940 puérperas entre fevereiro de 2011 e outubro de 2012. Utilizou-se modelagem hierarquizada para análise dos potenciais fatores de risco para o óbito neonatal. A taxa de mortalidade foi 11,1 por mil; maior nas regiões Norte e Nordeste e nas classes sociais mais baixas. O baixo peso ao nascer, o risco gestacional e condições do recém-nascido foram os principais fatores associados ao óbito neonatal. A inadequação do pré-natal e da atenção ao parto indicaram qualidade não satisfatória da assistência. A peregrinação de gestantes para o parto e o nascimento de crianças com peso < 1.500g em hospital sem UTI neonatal demonstraram lacunas na organização da rede de saúde. Óbitos de recém-nascidos a termo por asfixia intraparto e por prematuridade tardia expressam a evitabilidade dos óbitos. A qualificação da atenção, em especial da assistência hospitalar ao parto se configura como foco prioritário para maiores avanços nas políticas públicas de redução das taxas e das desigualdades na mortalidade infantil no Brasil.

  17. Codificação da sepse pulmonar e o perfil de mortalidade no Rio de Janeiro, RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Baptista Cardoso

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Descrever os óbitos com menção de sepse pulmonar, medir a associação entre sepse pulmonar e pneumonia, assim como avaliar o impacto da regra de codificação no perfil de mortalidade, com a inclusão simulada do diagnóstico de pneumonia, nas declarações de óbito (DO com menção de sepse pulmonar, no Rio de Janeiro, em 2011. Métodos: Foram identificados os óbitos com menção de sepse pulmonar independentemente da causa básica. Aos médicos atestantes, aplicou-se questionário medindo a associação entre sepse pulmonar e pneumonia. O registro de pneumonia nos prontuários dos óbitos com menção de sepse pulmonar e sem menção de pneumonia na DO foi investigado. Foi descrito o perfil de mortalidade após a inclusão simulada do código de pneumonia nas declarações com sepse pulmonar. Resultados: Sepse pulmonar correspondeu a 30,9% das menções de sepse e a menção de pneumonia estava ausente em 51,3% dessas declarações. Pneumonia constava em 82,8% da amostra de prontuários investigados. Dos médicos entrevistados, 93,3% relataram pneumonia como a mais frequente causa de sepse pulmonar. A simulação revelou que a inclusão da pneumonia alterou a causa básica de 7,8% dos óbitos com menção de sepse e 2,4% de todos os óbitos, independentemente da causa original. Conclusão: Sepse pulmonar está associada à pneumonia e a simples inclusão do código de pneumonia nas declarações de óbito com menção de sepse pulmonar impactaria o perfil de mortalidade, apontando necessidade de aprimoramento das regras de codificação na Classificação Internacional de Doenças (CID-10.

  18. Reflexões sobre a mensuração da mortalidade materna Reflections on the measurement of maternal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    2000-01-01

    Full Text Available A mortalidade materna é um ótimo indicador da saúde da mulher e, de certa forma, da saúde geral da população. Há grande disparidade entre as taxas (ou razões referentes a diferentes áreas, sendo seu valor bastante elevado nos países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Numerosos países adotaram programas visando a redução da mortalidade materna, necessitando, então, conhecer as respectivas taxas (ou razões para avaliar e monitorar esses programas. Ocorrem, por várias motivos, dificuldades em conhecer a verdadeira magnitude dessas mensurações. O trabalho apresenta métodos propostos para estimar a mortalidade materna, destacando-se a necessidade de ver com certa reserva os métodos indiretos, preferindo-se sempre, como no caso do Brasil, o aperfeiçoamento do registro civil, fonte legítima dos dados de nascimentos e de mortes.The maternal mortality rate is a highly sensitive indicator for the health level of both women and the general population in a given geographical area. There is extensive variability among different countries, and rates are high in underdeveloped or developing areas, as in Brazil. Health authorities from various countries have launched programs aimed at reducing maternal deaths and have thus needed to estimate the actual rates to allow for a proper assessment and to control the programs' progress. However, there are many obstacles and difficulties in obtaining the real values of these measures, mainly because of incomplete data. The aim of this paper is to present some of the proposed methodologies for estimating maternal mortality rates and to call attention to the limits and biases of these methods. Based on the Brazilian case, the article also recommends an improvement in the quality and coverage of the Civil Registry, the official source of data on births and deaths.

  19. Análise da mortalidade e das internações por doenças cardiovasculares em Niterói, entre 1998 e 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Garcia Rosa

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A redução da mortalidade por doenças cardiovasculares é observada no Brasil há anos, atribuída à queda nos fatores de risco, melhora na terapêutica e diminuição da mortalidade hospitalar. OBJETIVO: Comparar a mortalidade populacional, o coeficiente de internação e a mortalidade hospitalar em unidades do Sistema Único de Saúde, para doença isquêmica do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCBV e insuficiência cardíaca (IC, no município de Niterói, entre 1998 e 2007. MÉTODOS: Foram utilizados o número de óbitos e o de internações e mortalidade hospitalar de residentes em Niterói para o capítulo IX do CID10 e causas específicas disponíveis no Datasus, na população de 30 anos e mais. A diferença entre a magnitude dos indicadores foi calculada para homens e mulheres considerando a média do primeiro triênio menos a média do segundo triênio. RESULTADOS: Houve queda dos coeficientes de mortalidade populacional em homens e mulheres, para todas as faixas etárias, nos três grupos de causas e para o capítulo IX. A tendência à queda dos coeficientes diminuiu com a idade. Para DIC houve queda na mortalidade hospitalar. Para DCBV e IC, aumento. Os coeficientes de internação hospitalar por DIC diminuíram, com exceção de algumas faixas. CONCLUSÃO: O presente estudo permitiu esclarecer alguns aspectos da morbimortalidade cardiovascular em Niterói. A redução da mortalidade populacional e hospitalar por DIC indica haver melhor qualidade na abordagem dessa condição. O aumento da mortalidade hospitalar por DCBV e IC aponta para a necessidade de se dar maior atenção à qualidade do cuidado hospitalar para esses grupos de doenças.

  20. Preditores cardiovasculares da mortalidade em idosos longevos Cardiovascular mortality predictors in the oldest old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Pedro Marafon

    2003-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é investigar a associação entre fatores de risco e morbidade cardiovascular com mortalidade em idosos longevos. Noventa e um por cento da população com idade ³ 80 anos (n = 193 de Veranópolis, Rio Grande do Sul, no ano de 1996, foram avaliados para a detecção de fatores de risco e morbidade cardiovascular. Acompanhou-se esta população durante 3 anos e registraram-se os casos de óbitos. Os dados foram analisados por análise univariada e multivariada por regressão logística. Ocorreram 41 (21% óbitos (20 homens e 21 mulheres. As mortes foram distribuídas ao longo do período estudado como se segue: 3 (7,3% no primeiro ano, 8 (19,5% no segundo ano e 30 (73,2% no terceiro ano. Observou-se associação significativa de óbito com as seguintes características: pressão arterial diastólica (PAD, colesterol total (CT, LDL-C, ApoA-I, acidente vascular encefálico prévio (AVC, bloqueio do ramo direito (BRD e hipertrofia ventricular esquerda (HVE ao ECG. Os sobreviventes apresentaram níveis mais elevados de PAD, CT, LDL-C e ApoA-I. AVC, BRD e HVE. A análise multivariada mostrou que as variáveis eram fatores de risco independentes. Os fatores de risco cardiovascular parecem atuar de forma diferenciada em longevos.This article investigates the association between cardiovascular risk factors and cardiovascular morbidity and mortality in the oldest old. In 1996, 91% of the population ³ 80 years of age from Veranópolis, Rio Grande do Sul State, Brazil, were evaluated to detect cardiovascular risk factors and morbidity. The sample was followed up for three years, with the assessment of deaths. The analysis was done using univariate statistics and multivariate logistic regression analysis. There were 41 deaths (21%: 20 men and 21 women. Deaths were distributed by year as follow: 03 (7.3% in the first year, 08 (19.5% in the second, and 30 (73.2% in the third. There was a significant and independent association

  1. Uma análise crítica da abordagem dos Determinantes Sociais da Saúde a partir da medicina social e saúde coletiva latino-americana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elis Borde

    Full Text Available O enfoque dos Determinantes Sociais da Saúde tem tido ampla difusão e foi aparentemente bem acolhido globalmente. Este artigo assume uma visão crítica desse enfoque, buscando sistematizar as críticas principalmente provenientes de debates no interior da medicina social e saúde coletiva latino-americana, que se articularam ao redor da diferenciação entre Determinantes Sociais da Saúde e a determinação social dos processos saúde-doença. Pretendemos examinar estas diferenças para problematizar a aparente unanimidade retórica em prol da equidade. Ainda que a abordagem dos Determinantes Sociais da Saúde marque um enorme avanço na mobilização pela equidade em saúde, em nossa avaliação ela não consegue ser mais do que um avanço incompleto.

  2. VARIÁVEIS DETERMINANTES DA PRECIFICAÇÃO BASEADA NO VALOR PARA O CONSUMIDOR EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlei Mecca

    2005-06-01

    Full Text Available Instituições de ensino superior privadas precisam avaliar os fatores críticos considerados pelos acadêmicos no momento da escolha da instituição, bem como monitorar as variáveis estratégicas determinantes no processo de satisfação dos consumidores. Assim, o  artigo identifica as variáveis determinantes da precificação baseada no valor entregue ao consumidor em instituições de ensino superior privadas. Para tanto, realizou -se um estudo descritivo, por meio de uma pesquisa em  três instituições de ensino superior privadas. Para a coleta dos dados utilizou-se um questionário fechado, a fim de identificar os fatores determinantes da precificação fundamentada no valor para o consumidor, segundo o modelo de Philip Kotler. Os resultados da pesquisa mostram que as principais variáveis de valor total para o consumidor são a   qualificação do corpo docente, qualidade do curso, retorno dos investimentos e adequação dos recursos físicos. Entre as variáveis de custo total para o consumidor foram apontados os horários de aulas, o tempo e custo  com deslocamento, valor da mensalidade, as  atividades complementares e a carga horária do curso.

  3. Importância da cultura organizacional como fatores determinantes na eficácia do pessoal de enfermagem do hospital universitário Antonio Pedro

    OpenAIRE

    Salgado, Sandra Patricia Vallejo

    2003-01-01

    Este trabalho tem o objetivo de analisar e descrever a importância das características culturais como fatores determinantes na eficácia da equipe de enfermagem do Hospital Universitário Antonio Pedro, concluindo se os recursos de que dispõem influenciam na cultura e clima organizacional deste. O desenvolvimento da dissertação se da com a pesquisa bibliográfica referente ao arcabouço teórico da cultura organizacional e as raízes de enfermagem em quanto a profissão, e de uma pesquisa de c...

  4. Determinantes dos arranjos contratuais: o caso da transação produtor-processador de carne bovina no Uruguai

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Mondelli

    2008-09-01

    Full Text Available Quais os determinantes da escolha do arranjo contratual nas transações entre produtores e processadores de carne bovina? A pergunta problema se insere no estudo dos mecanismos associados à coordenação da produção para dar respostas às preocupações dos consumidores. Observa-se a coexistência de arranjos contratuais nos sistemas produtivos de carne bovina, entre os quais a transação direta entre o pecuarista e o frigorífico, ou via intermediário especializado. A Economia dos Custos de Transação (ECT pode ser utilizada para explicar a escolha dos arranjos contratuais observados, como resposta aos desafios de ganhos de eficiência "economizando" nos custos das transações. O presente estudo focaliza o sistema agroindustrial de carne bovina uruguaio, sendo estruturado em três partes. Primeiro a análise do histórico das relações entre produtores e processadores, e mudanças do ambiente institucional. A seguir, a partir das dimensões da transação (freqüência, especificidade de ativo e incerteza geram-se hipóteses a respeito dos determinantes da escolha dos arranjos contratuais. Finalmente as hipóteses são testadas a partir de um modelo logit. Utiliza-se um painel de dados com a totalidade de transações realizadas entre produtores e processadores fornecidos pelo Ministério de Agricultura do Uruguai (77.000 transações. Os resultados validam estatisticamente as hipóteses levantadas a respeito dos determinantes da escolha do arranjo contratual entre produtores e processadores. Uma transação tem maior probabilidade de se alinhar com o arranjo contratual direto (mais coordenado quanto maior o grau de ativos específicos envolvidos no produto, quanto menor a distância entre o produtor e o processador e quanto maior a freqüência de transações entre as partes envolvidas, corroborando a teoria de ECT.What are the determinants of the commercial channel choice in the beef producers-processors transactions? The question

  5. Determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes Determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes Determinatives of family caregiver's tension while caring the dependent elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Melo Fernandes

    2009-02-01

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar os determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes. Sua efetividade se deu no cenário domiciliar, envolvendo trinta cuidadoras principais. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada gravada. A análise dos dados objetivos foi feita mediante uma abordagem quantitativa. Os dados discursivos, coletados por meio da gravação da entrevista, por serem apreendidos a partir de um instrumento estruturado, dispensaram procedimento analítico, sendo distribuídos entre as questões a que se referiam no sentido de ampliar sua compreensão. Os resultados apontam que o fenômeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados ao cuidador, aos déficits do idoso, à interação idoso/cuidador, ao ambiente, e às demandas de cuidado.Este estudio objetivó investigar los determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes. Su efectividad se dio en el escenario domiciliar, envolviendo a treinta cuidadoras principales. Los datos fueron colectados por medio de entrevista estructurada grabada. El análisis de los datos objetivos fue hecho mediante un abordaje cuantitativo. Los datos discursivos, colectados por medio de la grabación de la entrevista, por ser aprehendidos a partir de un instrumento estructurado, dispensaron procedimiento analítico, siendo distribuidos entre las cuestiones a que se referían en el sentido de ampliar su comprensión. Los resultados apuntan que el fenómeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados al cuidador, a los déficits del anciano, a la interacción anciano/cuidador, al ambiente, y a las demandas de cuidado.This study had as objective investigate the determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver. Its accomplish happened in the domestic scenery, involving thirty principal caregivers. The data were collected by a recorded and estructured interview. The analyses of the

  6. Determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes Determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes Determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Melo Fernandes

    2009-06-01

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar os determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes. Sua efetividade se deu no cenário domiciliar, envolvendo trinta cuidadoras principais. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada gravada. A análise dos dados objetivos foi feita mediante uma abordagem quantitativa. Os dados discursivos, coletados por meio da gravação da entrevista, por serem apreendidos a partir de um instrumento estruturado, dispensaram procedimento analítico, sendo distribuídos entre as questões a que se referiam no sentido de ampliar sua compreensão. Os resultados apontam que o fenômeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados ao cuidador, aos déficits do idoso, à interação idoso/cuidador, ao ambiente, e às demandas de cuidado.Este estudio objetivó investigar los determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes. Su efectividad se dio en el escenario domiciliar, envolviendo a treinta cuidadoras principales. Los datos fueron colectados por medio de entrevista estructurada grabada. El análisis de los datos objetivos fue hecho mediante un abordaje cuantitativo. Los datos discursivos, colectados por medio de la grabación de la entrevista, por ser aprehendidos a partir de un instrumento estructurado, dispensaron procedimiento analítico, siendo distribuidos entre las cuestiones a que se referían en el sentido de ampliar su comprensión. Los resultados apuntan que el fenómeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados al cuidador, a los déficits del anciano, a la interacción anciano/cuidador, al ambiente, y a las demandas de cuidado.This study had as objective investigate the determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver. Its accomplish happened in the domestic scenery, involving thirty principal caregivers. The data were collected by a recorded and estructured interview. The analyses of the

  7. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços de hotelaria Satisfaction determinants and quality attributes in hotel services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Musse Branco

    2010-12-01

    Full Text Available Este artigo apresenta a identificação de atributos de qualidade percebida e a construção de um modelo de associação entre os determinantes da satisfação de clientes para serviços de hotelaria. A pesquisa foi realizada através de um levantamento (survey conduzido junto a 100 clientes do serviço em estudo. A principal contribuição deste trabalho é a proposição de um modelo que detalha a força do relacionamento entre os determinantes da satisfação dos clientes e a hierarquização dos atributos que exercem maior influência sobre a qualidade percebida para serviços de hotelaria. Os resultados obtidos podem ser utilizados pelos gestores de hotéis para melhorar a satisfação dos clientes, contribuindo para o crescimento da organização. O trabalho desenvolvido complementa estudos realizados na área de qualidade e satisfação de clientes nos serviços de hotelaria.This paper addresses the identification of quality attributes and the construction of a model to describe the relationship among satisfaction determinants for hotel services. The research was conducted surveying 100 clients of the service under focus. The principal contribution of this study concerns the proposal of a model which details the strength of the relationship among satisfaction determinants and ranks the attributes that influence customer-perceived quality in hotel services. Results can be used by hotel managers to achieve customer satisfaction and improve the company's income. This research complements other studies on quality and customer satisfaction in hotel services.

  8. Determinantes da qualidade da informação contábil em grandes companhias abertas listadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geovanne Dias de Moura

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar os fatores que influenciam na qualidade da informação contábil das maiores empresas listadas na BM&Bovespa. Método: Pesquisa realizada em uma amostra composta por 100 companhias abertas. A qualidade da informação foi analisada por meio de um índice desenvolvido por Fathi (2013, composto por 78 itens e que contemplam informações obrigatórias e voluntárias. Os fatores determinantes observados foram governança corporativa, empresa de auditoria, existência de comitê de auditoria, concentração acionária, investidores institucionais e internacionalização da empresa. Resultados: Os resultados revelaram um índice médio de evidenciação equivalente a 78%. A maioria das companhias estavam listadas em níveis diferenciados de governança; eram auditadas por big four e possuíam Comitê de Auditoria. O percentual médio de concentração acionária foi 41,37%; em 44% delas havia investidores institucionais no quadro acionário; e apenas 19% negociavam ações em bolsa americana. Em relação aos fatores determinantes, verificou-se que o fato de a empresa ser auditada por big four; possuir Comitê de Auditoria; possuir participação acionária de investidores institucionais; e negociar ações em bolsa americana reflete-se em informações divulgadas de melhor qualidade. Contribuições: Os achados fornecem evidências adicionais para a literatura existente, além de serem relevantes para os diversos usuários das informações contábeis, tais como analistas e investidores.

  9. Estimativa de impacto da amamentação sobre a mortalidade infantil Impact estimates of breastfeeding over infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Mercedes Loureiro Escuder

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: A mortalidade infantil no Estado de São Paulo tem mostrado uma redução progressiva nos últimos anos. Atualmente, atinge níveis para além dos quais uma maior redução parece desafiadora. Causas neonatais precoces correspondem a 50% desses óbitos. Entre os óbitos não neonatais precoces, destacam-se a pneumonia e a diarréia como as principais causas. O objetivo da pesquisa é estudar o impacto da amamentação na redução dos óbitos. MÉTODOS: Foram estudados 14 municípios da Grande São Paulo, onde coletaram-se informações relativas à amamentação por entrevistas, em uma amostra por conglomerados em dias nacionais de vacinação (Projeto Amamentação e Municípios. Também foram consultadas informações sobre mortalidade infantil, recolhidas de fontes oficiais, dos anos de 1999 e 2000. Com base em parâmetros da literatura sobre o risco de óbito por infecção respiratória e diarréia para crianças não amamentadas, calculou-se a fração de mortalidade evitável por cada doença. Os valores, aplicados ao número de óbitos registrados em cada município, permitiram o cálculo do impacto da amamentação sobre o Coeficiente de Mortalidade Infantil (CMI. RESULTADOS: A fração de mortalidade evitável por infecção respiratória variou, segundo o município e a faixa etária, entre 33% e 72%. Para diarréia, a variação ficou entre 35% e 86%. A estimativa média de impacto foi de 9,3% no CMI, com variações, segundo o município, entre 3,6% e 13%. CONCLUSÕES: A amamentação no primeiro ano de vida pode ser a estratégia mais exeqüível de redução da mortalidade pós-neonatal para além dos níveis já alcançados em municípios do Estado de São Paulo.OBJECTIVE: Infant mortality in the state of São Paulo has decreased in the last years and it seems to be leveling off at a limit beyond which further reductions are challenging. Early neonatal causes account for 50% of these deaths and the remaining are mostly

  10. Determinantes biopsicossociais do processo de inclusão laboral da pessoa estomizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Cristina Mauricio

    2014-06-01

    Full Text Available Estudo cujo objeto tratou dos determinantes biopsicossociais dos estomizados que facilitam e/ou dificultam sua inclusão laboral. Os objetivos foram identificar e analisar as dificuldades e facilidades das pessoas com estoma para inclusão no trabalho. Pesquisa descritivo-exploratória, qualitativa, realizada com 20 estomizados através de entrevista semiestruturada; utilizandose Análise Temática de Conteúdo. Os resultados revelaram que as principais dificuldades dos estomizados para adentrarem ao ambiente laboral foram a perda do controle esfincteriano, o isolamento social e a falta de oportunidades de empregos adequados à sua nova condição de saúde. Os principais agentes facilitadores foram a criação de banheiros adaptados e a flexibilidade de horários. Conclui-se que as mudanças biopsicossociais causadas pela presença do estoma podem dificultar a inclusão no trabalho do estomizado, porém, com o apoio social, podem-se criar condições flexíveis que os auxiliem em seu retorno às atividades laborativas.

  11. MORTALIDADE FEMININA E ANOS DE VIDA PERDIDOS POR HOMICÍDIO/AGRESSÃO EM CAPITAL BRASILEIRA APÓS PROMULGAÇÃO DA LEI MARIA DA PENHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia de Araújo Amaral

    2013-01-01

    Full Text Available La violencia contra la mujer es un fenómeno que afecta a todas las personas en todas las partes del mundo. En Brasil, en 2006, se promulgó la Ley 11.340/2006, bautizada como Ley Maria da Penha, con la función basilar de cohibir la violencia domestica, familiar y afectiva. La finalidad del estudio fue comparar la mortalidad femenina por agresión/homicidio antes y después de la Ley en Rio Branco, Acre, Brasil. Fue desarrollado un estudio ecológico con víctimas de agresión y homicidios registrados en el Sistema de Información de Mortalidad, del 2002 al 2010. Las mujeres víctimas de homicidio tenían entre 21 e 25 años (28,6%, bajo nivel de escolaridad (39,3% y sin ocupación (64,3%. La incidencia de óbitos mostró disminución seguido por aumento en los últimos dos años, con reflejos en los Años Potenciales de Vida Perdidos en el rango de edad de 16 a 39 años. La Ley Maria da Penha es una realidad en el país y tiene papel relevante en la sociedad por esa razón su efectividad e influencia deben ser analizadas en otras investigaciones.

  12. Uma análise sistêmica dos determinantes da fragilidade financeira Minskyana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Fonseca Morello

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente artigo é identificar os fundamentos, próprios à dimensão da atividade produtiva, da capacidade de uma empresa capitalista para financiar internamente suas operações. Adotando-se a concepção de Minsky, constrói-se um modelo computacional microeconômico. A emulação do lado real e do lado financeiro de uma economia, a partir de apenas um algoritmo comportamental, i.e., de apenas um tipo de agente, firmas, no caso, é a principal característica do modelo. Os resultados são: (i é possível, a pena de um erro estatístico não superior a 5%, classificar uma firma como hedge ou não-hedge, com base apenas no conhecimento da taxa de realização da produção, da proporção do valor do produto correspondente ao custo de produção e da sensibilidade do investimento à taxa de lucro esperada e; (ii tal possibilidade sustenta-se dinamicamente.

  13. Determinantes sociais da saúde no processo de trabalho da pesca artesanal na Baía de Sepetiba, estado do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Bessa de Freitas

    2015-09-01

    Full Text Available Este trabalho analisa as consequências da desterritorialização na Baía de Sepetiba, no estado do Rio de Janeiro, sobre o processo de trabalho e saúde dos pescadores artesanais desse território. Por meio do conceito de determinantes sociais em saúde, essa análise aproxima os novos vetores de crescimento da região às condições de vida e saúde desses trabalhadores. Essa relação explicitou-se por meio de entrevistas semiabertas, grupos focais e questionários estruturados. Os resultados sugerem uma forte associação entre os empreendimentos portuários e as instalações do programa nuclear da Marinha do Brasil com a pesca extrativa tradicional, o que contribui para o aumento do tempo de navegação e dos riscos ocupacionais inerentes à pesca artesanal. Além dos impactos econômicos e ambientais na produtividade e qualidade do pescado, sendo uma consequência direta das obras de dragagem e dos novos fluxos de navegação e de fundeio estabelecidos e impostos pelo Estado.

  14. Fatores determinantes do (in)sucesso de clínicas/gabinetes particulares com a valência de terapia da fala nos distritos de Porto e Aveiro

    OpenAIRE

    MOREIRA, Daniela

    2011-01-01

    A presente dissertação apresenta o resultado de uma pesquisa realizada, através da recolha de dados, nos distritos do Porto e Aveiro, onde foram analisados os fatores determinantes do (in)sucesso estratégico de clínicas/gabinetes (CG) particulares com a valência de terapia da fala (TF). Inicia com a apresentação de algumas considerações conceptuais relativas à empresa, organização e inovação. De seguida, são descritos os principais passos a dar em Portugal para a constituição de u...

  15. Fatores determinantes do (in)sucesso de clínicas/gabinetes particulares com a valência de terapia da fala nos distritos de Porto e Aveiro

    OpenAIRE

    Moreira, Daniela

    2011-01-01

    A presente dissertação apresenta o resultado de uma pesquisa realizada, através da recolha de dados, nos distritos do Porto e Aveiro, onde foram analisados os fatores determinantes do (in)sucesso estratégico de clínicas/gabinetes (CG) particulares com a valência de terapia da fala (TF). Inicia com a apresentação de algumas considerações conceptuais relativas à empresa, organização e inovação. De seguida, são descritos os principais passos a dar em Portugal para a constituição de u...

  16. Mortalidade infantil em município da região Centro-Oeste Paulista, Brasil, 1990 a 1992

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gomes Jaime de O.

    1997-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mortalidade infantil em Presidente Prudente, SP (Brasil, foi estudada no período de 1990 a 1992, a partir de aplicação de métodos para obtenção de diagnóstico coletivo que orientassem a identificação e escolha de estratégias de controle de problemas locais. MATERIAL E MÉTODO: Foram utilizadas declarações de óbito colhidas no cartório, cujos dados originais foram corrigidos por meio de pesquisa documental nos serviços de saúde e entrevistas domiciliares. Para estudar variáveis como idade materna e peso ao nascer foram utilizados os dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC. A qualidade dos dados originais das declarações de óbitos foi inicialmente analisada pela quantidade de informações, sensibilidade, especificidade e valor de Kappa. RESULTADO: A sensibilidade global para a causa básica de óbito foi 78,84% e Kappa igual a 71,32 para o total de causas. Ocorreram 189 óbitos, sendo 66,15% no período neonatal (41,28% durante o primeiro dia de vida e 33,85% no infantil tardio. O peso ao nascer de 58,28% dos óbitos foi menor que 2.500g. As causas básicas de óbito foram estudadas segundo a possibilidade de serem prevenidas (método desenvolvido por Erica Taucher por grupos de causas reduzidas utilizadas no "International Collaborative Effort" (ICE, causas múltiplas e distribuição geográfica. Observou-se que nos óbitos ocorridos até 27 dias, 22,23% poderiam ser evitados por adequada atenção ao parto, 20,64% seriam redutíveis por diagnóstico e tratamento precoce, 13,75% por bom controle da gravidez e apenas 7,94% não evitáveis. Das mortes ocorridas no período infantil tardio, 12,17% foram classificadas como outras preveníveis e 4,23% foram consideradas não evitáveis. Segundo os grupos do ICE, 58,74% faleceram por imaturidade ou asfixias; 19,58% por infecções e, 12,17%, por anomalias congênitas. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem prioridade para assistência obst

  17. Estudo espacial da mortalidade por acidentes de motocicleta em Pernambuco Estudio espacial de la mortalidad de accidentes de motocicleta en Pernambuco, Noreste de Brasil Spatial study of mortality in motorcycle accidents in the State of Pernambuco, Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paul Hindenburg Nobre de Vasconcelos Silva

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da mortalidade por acidentes de motocicleta no estado de Pernambuco. MÉTODOS: Estudo ecológico de base populacional, usando os dados de mortalidade por acidentes de motocicletas ocorridos de 01/01/2000 a 31/12/2005. As unidades de análise foram municípios. Para a análise da distribuição espacial dos óbitos foram construídos coeficientes médios de mortalidade, tendo como numerador os óbitos por acidentes de motocicletas registrados no Sistema de Informações sobre Mortalidade e, como denominador, a população do centro do período. Utilizaram-se técnicas de análise espacial, suavização do coeficiente pelo método bayesiano empírico local e o diagrama de espalhamento de Moran, aplicados sobre a base cartográfica digital do estado. RESULTADOS: O coeficiente médio de mortalidade por acidentes de motocicletas em Pernambuco foi de 3,47/100 mil habitantes. Dos 185 municípios, 16 faziam parte de cinco conglomerados identificados com coeficientes de mortalidade que variaram de 5,66 a 11,66/100 mil habitantes, considerados áreas críticas. Três dessas áreas localizam-se na região de desenvolvimento sertão e duas no agreste. CONCLUSÕES: O risco de morrer por acidente de motocicleta é maior nas áreas de conglomerado em regiões fora do eixo metropolitano, sugerindo medidas de intervenção que considerem o contexto de desenvolvimento econômico, social e cultural.OBJETIVO: Analizar la distribución espacial de la mortalidad por accidentes de motocicleta en el estado de Pernambuco, Noreste de Brasil. MÉTODOS: Estudio ecológico de base poblacional, usando los datos de mortalidad por accidentes de motocicletas ocurridos de 01/01/2000 a 31/12/2005. Las unidades de análisis fueron municipios. Para el análisis de la distribución espacial de los óbitos fueron construidos coeficientes promedios de mortalidad, teniendo como numerador los óbitos por accidentes de motocicletas registrados

  18. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços bancários Satisfaction determinants and quality attributes in bank services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Duarte Ribeiro

    2010-12-01

    Full Text Available A qualidade percebida e a satisfação dos clientes são elementos essenciais para a competitividade das instituições bancárias. Assim, é importante identificar os fatores que determinam a percepção de qualidade e satisfação do ponto de vista dos clientes que utilizam esse tipo de serviço. O objetivo deste artigo é a construção de um modelo de relacionamento entre os determinantes de satisfação de clientes e a identificação dos principais atributos que afetam a qualidade percebida dos clientes de serviços bancários. Para isto, foram aplicadas duas pesquisas descritivas. Na primeira fase das pesquisas, utilizou-se a abordagem proposta por Tinoco e Ribeiro (2007 para identificar as relações entre determinantes e construir o modelo de satisfação de clientes. Na segunda fase, foram levantados e hierarquizados os principais atributos de qualidade percebida do ponto de vista dos clientes. Entre os resultados obtidos destacam-se como principais determinantes da satisfação de clientes a confirmação de expectativas e a qualidade percebida. Entre atributos mais importantes que afetam a qualidade percebida podem ser citados: funcionários com conhecimento e habilidade devidos, serviço feito corretamente na primeira vez, tarifas bancárias baratas, transparência e lealdade nas negociações, e presença de funcionários que buscam tornar o serviço mais ágil.Perceived quality and customer satisfaction are essential elements for competitiveness of banking institutions. Therefore, it is important to identify customers' view of banks about drivers of quality perception and satisfaction. This paper presents a relationship model of determinant factors of satisfaction and the identification of key quality attributes for bank services. The model was built conducting two customer surveys. Firstly, the approach proposed by Tinoco and Ribeiro(2007 was applied to identify the relationship among the determinants and to build a satisfaction

  19. Fatores determinantes da estrutura de capital das empresas de materiais básicos do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Ferreira Lopes Santos

    2014-09-01

    Full Text Available Este artigo examina a estrutura de capital de oito empresas representativas do Índice de Materiais Básicos da BM&FBOVESPA no período de 1994 a 2011. A controvérsia existente nas bases teóricas desenvolvidas neste tema permite que novas abordagens sejam levantadas com o objetivo de aumentar a compreensão dos fatores que determinam os níveis de endividamento das firmas. Neste estudo optou-se pelo uso de indicadores financeiros que representassem três eixos de interesse (rentabilidade, capacidade de pagamento e geração de caixa na explicação do endividamento de curto e longo prazo. A abordagem metodológica foi quantitativa, por meio da análise de regressão com dados em painel. A expectativa inicial é que os resultados encontrassem aderência nas premissas da Pecking Order Theory. Em que pese às restrições metodológicas, observou-se que as variáveis de liquidez corrente, ROA e ROE determinam o endividamento de longo e curto prazo, sendo este último, também influenciado pelas variáveis de ciclo financeiro e giro do ativo. Todavia, o grau de influência da rentabilidade é distinto para as variáveis dependentes, o que denota a existência de conflitos de agência entre credores e acionistas e a preferência pelo uso de fontes internas no financiamento dos ativos.

  20. Determinantes da demanda internacional de carne bovina brasileira: evidências de quebras estruturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laércio Juarez Melz

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é verificar as variáveis de impacto na demanda internacional por carne bovina entre janeiro de 1995 e junho de 2013. O método utilizado foi de Mínimos Quadrados Ordinários com Quebras, obtendo-se quatro quebras, cinco regimes. As variáveis independentes na regressão foram os preços de exportação e internos das carnes de bovinos, frangos e suínos, além da renda e da taxa de câmbio. No primeiro regime, a demanda por carne bovina foi elástica em relação aos preços, tanto interno quanto externo, da carne de frango e preço interno da carne bovina. Porém, a elasticidade-renda foi mais significativa. No segundo regime, a relação de preços externos foi inelástica. A elasticidade-renda foi significativa neste regime e houve impacto da taxa de câmbio. No terceiro regime, a demanda foi inelástica em relação aos preços externos das carnes de frango e bovina e elástica aos preços internos das mesmas carnes. A taxa de câmbio também teve impacto significativo. No quarto regime, a demanda foi elástica em relação ao preço interno e inelástica em relação aos preços externos e internos do frango. A renda passa a ser novamente significativa. No quinto regime, a demanda é elástica em relação ao preço externo dos suínos, interno do bovino e à renda. Houve tendência significativa de crescimento no segundo regime e de recessão no primeiro e terceiro regimes.

  1. Determinantes individuais e contextuais da carie em criancas brasileiras de 12 anos em 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Matias Freire

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e gravidade de cárie em crianças brasileiras e sua associação com fatores individuais e contextuais. MÉTODOS: Foram utilizados os dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (SBBrasil 2010, em uma amostra de 7.247 crianças de 12 anos. Os dados foram coletados por meio de exames clínicos e entrevistas. As variáveis dependentes foram as prevalências de cárie (dentes permanentes cariados, perdidos ou obturados [CPOD] ≥ 1 e CPOD ≥ 4. Foram realizadas análises bivariadas (teste de Rao-Scott e multinível (regressão de Poisson. As variáveis individuais foram sociodemográficas, condição periodontal e relato de incômodo ao escovar os dentes. Os fatores contextuais foram a presença de água fluoretada, a porcentagem de domicílios ligados à rede de abastecimento de água e a renda mediana do município. RESULTADOS: A prevalência de CPOD ≥ 1 foi 56,0%. O CPOD médio foi igual a 2,04 (IC95% 1,76;2,31 e 22,2% das crianças tinham CPOD ≥ 4. A experiência de cárie foi significantemente mais elevada em crianças de cor de pele preta, parda e amarela; em famílias com renda mais baixa; em crianças com cálculo dentário ou sangramento gengival; e naquelas que relataram incômodo ao escovar. Viver em cidades sem água fluoretada, com menor cobertura da rede de abastecimento de água e com renda mediana baixa foram fatores contextuais associados à doença. CONCLUSÕES: A prevalência de cárie em crianças brasileiras de 12 anos foi baixa, de acordo com os critérios da Organização Mundial da Saúde. Houve significantes desigualdades geográficas e socioeconômicas nos níveis da doença.

  2. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos Determinant factors of functional status among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.OBJECTIVE: To investigate the impact of health-related demographic and socioeconomic factors, as well as the impact of factors associated to social activity and the subjective health evaluation on the functional status of elderly people. METHODS: A cross-sectional multicentric study was conducted in a representative population

  3. Prevenção da mortalidade materna: desafio para o enfermeiro Prevención de la mortalidad materna: un desafío para la enfermera Maternal mortality prevention: a challenge for nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Santos Barbastefano

    2009-04-01

    Full Text Available Neste artigo analisamos os principais aspectos sobre a mortalidade materna, tendo como objetivo a promoção de ações preventivas para a morte materna evitável. Verifica-se que entidades como a ADVOCACY têm significativa participação nos projetos visando redução das taxas de mortalidade materna e o ajustamento de condutas de proteção aos direitos da mulher. Observa-se ainda que a SES, através das Resoluções nº 1.052/95 e nº 1.642/2001, expressa a política estadual para redução do problema. Conclui-se que há indícios de vontade política nas propostas e projetos para redução das taxas de mortalidade materna evitável, porém não há cobrança da sua efetividade. Profissionais da saúde como o enfermeiro, precisam reunir esforços, conscientização e sensibilização em suas ações preventivas.En este artículo se analizan los aspectos principales sobre mortalidad maternal que tiene como objetivo la promoción de acciones preventivas para la muerte materna evitable. Se verifica que las entidades como la ADVOCACY tienen participación significante en los proyectos que buscan la reducción de la tasa de mortalidad materna y el ajuste de procedimientos de protección de los derechos de la mujer. También se observa que la Secretaria Estatal de Salud, a través de las Resoluciones nº 1.052/95 y nº1.642/2001, expresa las políticas estatales para la reducción del problema. Se concluye que hay indicaciones de voluntad política sobre las propuestas y proyectos para reducir las tasas de mortalidad materna evitables. Sin embargo no hay demandas sobre su efectividad. Los profesionales de salud como enfermeras necesitan recoger los esfuerzos, y también una actitud de comprensión y sensibilidad en sus acciones preventivas.In this article theprincipal aspects about maternal mortality are analyzed, with the objective the promotion of preventive actions for the avoidable maternal death. It is verified that entities as ADVOCACY have

  4. Causas da mortalidade de micros e pequenas empresas: o caso das lojas de um shopping center

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Adamor Dias Neves

    2006-12-01

    Full Text Available O presente estudo investiga as principais causas do fechamento precoce das lojas de um shopping center de uma capital brasileira e tenta identificar a utilização das ferramentas mercadológicas pelos proprietários de pequenos negócios, a fim de lhes proporcionar melhor gestão dessa atividade. Para isso, foram analisados os vários fatores que levam as microempresas encerrarem suas atividades com pouco tempo de mercado. Utilizou-se um estudo de caso por meio de pesquisa descritiva, utilizando-se entrevistas, tanto com lojistas em funcionamento quanto com ex-lojistas do shopping, a fim de permitir uma comparação dos dois tipos de gestão. Os resultados indicam ausência de um plano de negócios antes da abertura da loja, falta de planejamento de marketing, insatisfação dos lojistas com a gestão do shopping, falta de mix apropriado de oferta do shopping, desconhecimento do público-alvo da loja, dentre outros fatores de fechamento precoce das lojas. Recomenda-se maior preparação dos gestores para lidar com situações difíceis e maior habilidade na gestão da loja. Finalmente, é imprescindível a elaboração de um plano de negócio antes da abertura da loja, para saber se é viável ou não sua instalação.

  5. Características ambientais determinantes da capacidade produtiva de sítios cultivados com eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. A. Braga

    1999-06-01

    Full Text Available A análise discriminante foi utilizada com o objetivo de identificar as características ambientais determinantes da qualidade de sítios florestais da região do mar de morros, no Médio Rio Doce (MG. Cinqüenta e oito unidades de amostra, com 480 m² (20 x 24 m, de povoamentos de Eucalyptus grandis com 5,5 anos de idade, implantados em dezembro de 1987, espaçamento 3 x 2 m, foram agrupadas em três classes de sítio. O projeto ocupa área de 1.465 ha no município de São João Evangelista (MG. Há predomínio de Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico ou álico textura média a argilosa fase floresta subperenifólia relevo forte ondulado e montanhoso, associado com Latossolo Câmbico e Latossolo Regossólico, formado sobre embasamento granito-gnaisse do Grupo Paraíba. Um modelo discriminante com duas funções lineares foi gerado, observando o grau de acerto na classificação das parcelas nas classes de sítio originais. As variáveis incluídas no modelo foram selecionadas por procedimento Stepwise, tendo como critério de seleção a maximização da Distância Generalizada de Mahalanobis. O modelo classificou corretamente 86,2% das parcelas. As oito características ambientais incluídas no modelo foram: altitude, pedoforma, declividade, radiação solar, floculação de argila (0-20 cm, relação silte/argila (40-60 cm e relação cálcio/soma de bases trocáveis (0-20 e 40-60 cm. Destacaram-se as características fisiográficas, que representam, indiretamente, fatores de ação direta sobre o crescimento do povoamento, devendo ser observadas, prioritariamente, na seleção de áreas para implantação e manutenção de florestas comerciais de eucalipto.

  6. Uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais, Brasil Use of the land as determinant of the distribution of the bovine rabies in Minas Gerais, Brazil

    OpenAIRE

    J.A. Silva; Moreira,E.C.; J.P.A. Haddad; I.B.M. Sampaio; Modena,C.M.; M.A.S. Tubaldini

    2001-01-01

    Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar variáveis do uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Utilizaram-se os dados dos Censos Agropecuários de Minas Gerais- FIBGE, anos de 1970, 1985 e 1995-1996. Empregou-se o método da análise fatorial de componentes principais, com auxílio do programa Minitab versão 9.0. A raiva bov...

  7. Socio-demographic determinants of self-rated health in Brazil Determinantes sócio-demográficos da auto-avaliação da saúde no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Landmann Szwarcwald

    2005-01-01

    Full Text Available Self-rated health has been used extensively in epidemiologic studies, not only due to its importance per se but also due to the validity established by its association with clinical conditions and with greater risk of subsequent morbidity and mortality. In this study, the socio-demographic determinants of good self-rated health are analyzed using data from the World Health Survey, adapted and carried out in Brazil in 2003. Logistic regression models were used, with age and sex as covariables, and educational level, a household assets index, and work-related indicators as measures of socioeconomic status. Besides the effects of sex and age, with consistently worst health perception among females and among the eldest, the results showed pronounced socioeconomic inequalities. After adjusting for age, among females the factors that contributed most to deterioration of health perception were incomplete education and material hardship; among males, besides material hardship, work related indicators (manual work, unemployment, work retirement or incapable to work were also important determining factors. Among individuals with long-term illness or disability, the socioeconomic gradient persisted, although of smaller magnitude.A auto-avaliação da saúde vem sendo amplamente utilizada nos estudos epidemiológicos, não só por ser importante por si, mas também pela sua validade, estabelecida por suas relações com as condições clínicas e com o maior risco de morbi-mortalidade subseqüente. Neste trabalho, são analisados os determinantes sócio-demográficos da auto-avaliação de saúde boa, utilizando os dados da Pesquisa Mundial de Saúde, inquérito domiciliar realizado no Brasil, em 2003. Foram utilizados modelos de regressão logística, considerando idade e sexo como co-variáveis, e o grau de instrução, a posse de bens no domicílio e a situação de trabalho como indicadores do nível sócio-econômico. Além das diferenças por sexo e

  8. Determinantes da divulgação ambiental em companhias abertas holandesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dion van de Burgwal

    2014-04-01

    Full Text Available Estudos anteriores relataram resultados variados sobre a relação entre a divulgação ambiental empresarial e o desempenho ambiental. O objetivo deste artigo é identificar variáveis que têm impacto significativo no nível das práticas de divulgação ambiental adotadas por companhias abertas holandesas. Para testar o nível de divulgação ambiental, utiliza-se um quadro de análise de conteúdo. Esse quadro, baseado nas diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade do Global Reporting Initiative, foi desenvolvido por Clarkson, Li, Richardson, e Vasvari (2008 em colaboração com um especialista em divulgação ambiental. Este estudo é um dos primeiros a aplicar esse quadro abrangente, que pode ser útil para aqueles usuários que visam avaliar a verdadeira exposição ambiental de uma empresa. Além disso, não foram encontrados, na literatura, estudos que investigassem variáveis com impacto significativo nas práticas de divulgação das empresas holandesas. As informações ambientais referentes ao ano de 2008 foram coletadas de uma mostra de 28 companhias abertas holandesas, representando 90% da capitalização total do mercado na bolsa de valores holandesa e as variáveis selecionadas, que possivelmente afetam o nível /hyhde divulgação ambiental, são o tamanho da companhia, o setor industrial e a lucratividade. Os testes estatísticos comprovaram a existência de uma associação significativa e positiva entre o tamanho do setor e o nível de divulgação ambiental. Esse resultado está de acordo com pesquisas anteriores em que foram usadas outras medidas de divulgação ambiental. Porém, não foi observada associação estatisticamente significativa entre a lucratividade e o nível de divulgação ambiental. Isso pode ser devido ao impacto da crise financeira que começou em 2007/2008.

  9. Doenças cerebrovasculares como causa múltipla de morte em Salvador: magnitude e diferenças espaciais da mortalidade omitida nas estatísticas oficiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ines Lessa

    1993-09-01

    Full Text Available Através de estudo descritivo de agregado (ecológico espacial foram determinadas as desigualdades sociais da mortalidade por doenças cerebrovasculares (DCV em Salvador, quantificada a parcela da mortalidade omitida nas estatísticas oficiais e identificadas zonas prioritárias para intensificação de ações preventivas. Foram incluídos no estudo todos os óbitos de adultos, de 1988, com menção de DCV como causa básica e como causa associada de morte, distribuídas conforme procedência por 66 zonas da cidade. Com a inclusão das DCV associadas detectou-se aumento de 29,10% na mortalidade. Os coeficientes variaram entre 22,94 a 376,62/100000 adultos e a variação média do excesso de mortalidade ficou entre 16,12 e 33,72%. Das 16 zonas com mortalidade elevada e prioritárias para intensificação de intervenções preventivas, 7 foram consideradas com mortalidade excepcionalmente elevada por terem ultrapassado o coeficiente de Salvador em 1,64 vezes o seu desvio» padrão corrigido. Os autores sugerem possíveis explicações para as desigualdades espaciais da mortalidade pelas DCV.

  10. Determinantal rings

    CERN Document Server

    Bruns, Winfried

    1988-01-01

    Determinantal rings and varieties have been a central topic of commutative algebra and algebraic geometry. Their study has attracted many prominent researchers and has motivated the creation of theories which may now be considered part of general commutative ring theory. The book gives a first coherent treatment of the structure of determinantal rings. The main approach is via the theory of algebras with straightening law. This approach suggest (and is simplified by) the simultaneous treatment of the Schubert subvarieties of Grassmannian. Other methods have not been neglected, however. Principal radical systems are discussed in detail, and one section is devoted to each of invariant and representation theory. While the book is primarily a research monograph, it serves also as a reference source and the reader requires only the basics of commutative algebra together with some supplementary material found in the appendix. The text may be useful for seminars following a course in commutative ring theory since a ...

  11. Determinantes da qualidade de vida no trabalho: ensaio clínico controlado e randomizado por clusters

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio José Grande

    2013-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Cerca de um terço do dia se passa no local de trabalho. Neste sentido, estratégias que beneficiem a qualidade de vida do trabalhador são importantes. OBJETIVO: Investigar fatores determinantes na qualidade de vida, após três meses de programas de promoção à saúde do trabalhador. MÉTODOS: Um delineamento experimental foi usado para verificar os desfechos na qualidade de vida de 190 trabalhadores. As intervenções duraram três meses. A empresa A recebeu a ginástica laboral, cartazes com recomendações de saúde e qualidade de vida e software computacional; a empresa B recebeu ginástica laboral; a empresa C teve cartazes com recomendações de saúde e qualidade de vida e software computacional; a Empresa D foi o controle. Todas as avaliações da qualidade de vida no trabalho ocorreram por intermédio do QVS-80. Para análise dos dados foi utilizada a estatística descritiva, o teste Z e o teste alpha de Cronbach. RESULTADOS: Os principais fatores que interferiram na qualidade de vida foram: prática de atividade física voltada à estética, condição física, tabagismo, atividade física por recomendação médica, tempo sentado, vida em família, qualidade do sono, renda. Comparando-os com dados nacionais com os do presente estudo para todas as doenças crônicas autorreferidas, foram observadas diferenças estatísticas significantes. A prática de atividade física por motivos estéticos parece ser a variável que mais influencia negativamente na percepção de qualidade de vida. CONCLUSÃO: Os dados obtidos ajudam a refletir sobre a importância de estratégias combinadas como a efetuação da prática de atividade física e o entendimento dos componentes do estilo de vida no ambiente de trabalho.

  12. Variáveis de impacto na queda da mortalidade infantil no Estado de São Paulo, Brasil, no período de 1998 a 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloisio do Carmo Lourenço

    2014-07-01

    Full Text Available Trata-se de estudo ecológico analítico, retrospectivo, composto pelos 645 municípios do Estado de São Paulo, cujo objetivo foi verificar a relação entre variáveis socioeconômicas, demográficas e modelo de atenção, em relação ao coeficiente de mortalidade infantil, no período de 1998 a 2008. Foi calculada a proporção de variação média anual para cada indicador por estrato de cobertura. A mortalidade infantil foi analisada segundo modelo de medidas repetidas no tempo, ajustado para as variáveis de correção: população do município, proporção de PSF implantado, proporção de PACS implantado, PIB per capita e IPRS (índice paulista de responsabilidade social. A análise foi realizada por modelos lineares generalizados, considerando a distribuição gama. Comparações múltiplas foram realizadas pela razão de verossimilhança com distribuição aproximada qui-quadrado, considerando-se nível de significância de 5%. Houve diminuição da mortalidade infantil no decorrer dos anos (p 0,05. A proporção de PSF implantado (p < 0,0001 e o PIB per capita (p < 0,0001 foram significativos no modelo. A queda da mortalidade infantil no período analisado foi influenciada pelo crescimento do PIB per capita e pelo modelo Saúde da Família.

  13. Determinantes da marcha independente na osteogênese imperfeita Independent walk in osteogenesis imperfect

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Lia Martins Moreira

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar o processo de locomoção em pacientes com osteogênese imperfeita (OI e os fatores que o influenciam, sublinhando pontos clínicos relevantes à reabilitação motora. MÉTODOS: Estudo transversal, retrospectivo, realizado no ambulatório de fisioterapia motora do Instituto Fernandes Figueira. Foram incluídos todos os pacientes com diagnóstico clínico de OI. Foram excluídos os que apresentavam comorbidades e idade inferior a dois anos. Utilizou-se o Epi-Info versão 3.4 para construção do banco de dados e o SPSS versão 15 para análise estatística. Foi calculado risco relativo para mensurar associação de características clínicas com a marcha independente, adotando-se nível de significância de 5% para as análises. RESULTADOS: Foram incluídos 69 pacientes. Dentre eles, 43,5% tinham OI tipo I; 37,7% tipo III e 18,8% tipo IV. 76,8% apresentavam deformidades em ossos longos. Observou-se associação negativa entre hipotonia, número de fraturas e marcha independente e positiva entre marcha independente e OI tipo I. CONCLUSÕES: A clínica fisioterápica, como complementar à ortopédica e à administração de fármacos da família dos bifosfonatos, é de fundamental importância para a reabilitação da capacidade motora dos indivíduos com OI. Nivel de Evidência, estudos transversais.OBJECTIVES: Investigation of the locomotion process in patients with osteogenesis imperfecta (OI, and the factors that influence it, with special attention to clinical aspects relating to motor rehabilitation. METHODS: a retrospective, cross-sectional study was carried out at the physical therapy outpatient clinic of the Instituto Fernandes Figueira. All patients with a clinical diagnosis of OI were included. Patients with other diseases, and those aged under two years, old were excluded. Epi-Info version 3.4 was used to construct the database, and SPSS version 15 for the statistical analysis. RESULTS: The odds-ratio was used to

  14. Impacto da vacinação contra influenza na mortalidade por doenças respiratórias em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Maria Stolses Bergamo Francisco

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: As doenças respiratórias, particularmente as infecciosas, vêm se tornando cada vez mais representativas na morbi-mortalidade da população idosa. O objetivo do estudo foi analisar a tendência de mortalidade por doenças respiratórias e observar o impacto da vacinação contra influenza nos coeficientes de mortalidade. MÉTODOS: O estudo foi realizado no período de 1980 a 2000 em idosos residentes no Estado de São Paulo, utilizando-se dados de mortalidade do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde. Trata-se de estudo ecológico de séries temporais. Foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças respiratórias infecciosas, segundo faixas etárias (60 a 64, 65 a 69, 70 a 74, 75 a 79 e 80 ou mais anos e sexo, por meio de modelos de regressão polinomial. Foram calculados intervalos de confiança para a resposta média esperada nos anos subseqüentes à intervenção. RESULTADOS: Os coeficientes aumentaram para ambos os sexos na população idosa. Após a intervenção nota-se tendência ao declínio dos indicadores de mortalidade. Para a população idosa masculina, o coeficiente médio no período de 1980 a 1998 foi de 5,08 óbitos por mil homens com aumento linear não constante de 0,13 ao ano; em 2000, o coeficiente observado foi de 4,72 óbitos por mil homens. Já para as mulheres de 60 anos e mais, o coeficiente anual médio foi de 3,18 óbitos por mil mulheres com incremento não constante de 0,08 ao ano; no ano de 2000 o coeficiente observado foi 2,99 óbitos por mil mulheres, além da redução significativa dos mesmos em todas as faixas etárias. CONCLUSÕES: Os dados indicam a importância das doenças respiratórias entre os idosos e sugerem que a proteção específica contra influenza tem se refletido positivamente na prevenção da mortalidade por essas doenças.

  15. Mineração de dados e características da mortalidade infantil Data mining and characteristics of infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossana Cristina Xavier Ferreira Vianna

    2010-03-01

    Full Text Available O estudo busca identificar padrões de características materno-fetais na predição da mortalidade infantil, por meio da incorporação de técnicas inovadoras, como a Mineração de Dados, que se mostram relevantes em Saúde Pública. Foi elaborada uma base de dados, com óbitos infantis analisados pelos Comitês de Prevenção da Mortalidade Infantil de 2000 a 2004, a partir da integração dos Sistemas de Informações de Nascidos Vivos, da Mortalidade e da Investigação da Mortalidade Infantil no Estado do Paraná. O programa da mineração foi o WEKA, de uso livre. A mineração faz busca em banco de dados e fornece regras que devem ser analisadas para transformação em informação útil. Após a mineração, selecionaram-se 4.230 regras, por exemplo: mãe adolescente e peso ao nascer This study aims to identify patterns in maternal and fetal characteristics in the prediction of infant mortality by incorporating innovative techniques like data mining, with proven relevance for public health. A database was developed with infant deaths from 2000 to 2004 analyzed by the Committees for the Prevention of Infant Mortality, based on integration of the Information System on Live Births (SINASC, Mortality Information System, and Investigation of Infant Mortality in the State of Paraná. The data mining software was WEKA (open source. The data mining conducts a database search and provides rules to be analyzed to transform the data into useful information. After mining, 4,230 rules were selected: teenage pregnancy plus birth weight < 2,500g, or post-term birth plus teenage mother with a previous child or intercurrent conditions increase the risk of neonatal death. The results highlight the need for greater attention to teenage mothers, newborns with birth weight < 2,500g, post-term neonates, and infants of mothers with intercurrent conditions, thus corroborating other studies.

  16. Determinantes situacionais e individuais da aprendizagem em ensino a distância: desenvolvimento de escala = Situational and individual determinants of learning in distance education: development of scale

    OpenAIRE

    Meneses,Pedro Paulo Murce; ZERBINI, Thaís; Martins,Lara Barros

    2012-01-01

    A educação a distância, apesar de alternativa para a democratização do acesso ao ensino profissional e acadêmico, carece de estudos que expliquem suas altas taxas de evasão. O presente artigo objetivou construir e validar um instrumento que aborda características dos aprendizes, aspectos contextuais de estudo e outros referentes ao curso, capazes de afetar a permanência do alunado. A escala Determinantes Situacionais e Individuais da Aprendizagem em Ensino a Distância foi submetida à validaçã...

  17. Country-level correlates of cervical cancer mortality in Latin America and the Caribbean Determinantes a nivel país de la mortalidad por cáncer cervicouterino en Latinoamérica y el Caribe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Pereira-Scalabrino

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify country-level correlates of geographical variations in cervical cancer (CC mortality in Latin America and the Caribbean (LAC. MATERIALS AND METHODS: CC mortality rates for LAC countries (n=26 were examined in relation to country-specific socio-economic indicators (n=58 and Human Papilloma Virus (HPV prevalence using linear regression models. RESULTS: High mortality at ages OBJETIVO: Identificar variables a nivel de país que expliquen las variaciones geográficas en la mortalidad por cáncer cervicouterino (CaCu en América Latina y el Caribe (AL. MATERIALES Y MÉTODOS: Se examinaron las tasas de mortalidad por CaCu de cada país (n=26 mediante modelos de regresión lineal en relación con indicadores socioeconómicos (n=58 y prevalencia del virus del papiloma humano (VPH. RESULTADOS: Alta mortalidad en menores de cinco años, bajo gasto total en salud per-cápita y baja proporción de población con acceso a saneamiento básico son los mejores predictores de mortalidad por CaCu (R² =77%. En los países (n=10 con estimaciones de prevalencia de VPH, estos indicadores socioeconómicos y la prevalencia de VPH de alto riesgo explicaron el 98% de la variabilidad de CaCu en AL. CONCLUSIÓN: Las mejoras en el nivel socioeconómico en AL están asociadas con reducciones en la mortalidad por CaCu, a pesar de la ausencia de programas organizados de tamizaje e inmunización contra VPH.

  18. Fatores de erros na mensuração da mortalidade infantil Error factors in the measurement of infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1975-12-01

    Full Text Available Dentre os indicadores de saúde tradicionalmente utilizados a mortalidade infantil destaca-se como um dos mais importantes. Frequentemente é utilizada por profissionais de saúde pública na caracterização do nível de saúde e em avaliações de programas. Existem, porém, vários fatores de erros que afetam o seu valor e dentre esses são destacados: a definição dos nascidos vivos e sua aplicação na prática, o sub-registro de óbito e de nascimento, o registro do óbito por local de ocorrência, a definição de nascido vivo no ano e a declaração errada na idade. Existem também erros qualitativos que dizem respeito, principalmente, a declarações erradas da causa de morte. Vários desses fatores foram medidos para São Paulo.Among the traditionally used health indices the infant mortality rate is distinguished as the most important one. Frequently it is used by the public health professionals for health level characterization and for the evaluation of programmes. There are, however, several error factors that affect its value, among which are the live birth definition and its true use; underregistration of deaths and births; the death register by place of occurrence; live birth definition in the year, and the wrong age information. There are also qualitative errors due to wrong information as regards the causes of death. Several of these factors were discussed for S. Paulo.

  19. Fatores determinantes para modificações da terapia antirretroviral inicial Factors determining changes in initial antiretroviral therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Girão Limaverde Lima

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores determinantes das mudanças da terapia antirretroviral (TARV inicial dos pacientes assistidos em hospital de referência em AIDS do Ceará. MÉTODOS: O estudo descritivo e exploratório utilizou a análise dos formulários de solicitação de início ou modificação de tratamento do ano de 2008, acompanhando as mudanças de terapia durante o primeiro ano de tratamento. Os dados foram analisados nos programas Statistical Package for the Social Sciences (SPSS e Epi Info, utilizando ANOVA e teste exato do coeficiente de contingência, com significância de p OBJECTIVE: To investigate factors determining changes in initial antiretroviral therapy (ART in patients attended to in an AIDS tertiary care hospital in Ceará, Brazil. METHODS: This descriptive and exploratory study used the analysis of request to initiate or change treatment forms in the year of 2008, and the changes in therapy were followed through the first year of treatment. Data were analyzed with SPSS and EpiInfo by using ANOVA and the exact test of the coefficient of contingency, with significance at p < 0.05. RESULTS: From 301 patients initiating ART, 22.1% (n = 68 needed a change in the first year. These patients were mostly males, aged 20 to 39 years; with only one ART changed needed in 86.8% of the cases (n = 59. Reports of two or three changes in regimen were observed. Zidovudine was the drug most often changed, followed by lopinavir/ritonavir and efavirenz. A significant association was found between changes in initial regimens and the report of adverse reactions (p < 0.001. Conclusion: The main factor determining changes in the initial ART was an adverse reaction report. Most patients had one change in the initial ART over the first year of treatment. ART monitoring contributed to a better control of the specific drug therapy.

  20. A medida do lactato arterial intraoperatório não é determinante de mortalidade em pacientes cirúrgicos de alto risco Intraoperative lactate measurements are not predictive of death in high risk surgical patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Manoel Silva Junior

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Classicamente, lactato elevado é considerado como marcador de pior prognóstico, entretanto poucos dados existem a respeito da cinética do lactato no periodo intraoperatório e sua associação com o prognóstico. O objetivo deste estudo foi avaliar em qual momento do período perioperat��rio o valor do lactato apresenta maior importância prognóstica. MÉTODOS: Estudo prospectivo observacional de um hospital terciário. Foram incluídos pacientes com solicitação de pós-operatório em unidade de terapia intensiva com idade >18 anos, submetidos a cirurgias de grande porte. Pacientes de cirurgias paliativas, com insuficiência cardíaca e/ou hepática grave foram excluídos. Valores de lactato arterial foram mensurados imediatamente antes do início da cirurgia (T0, após indução anestésica (T1, após 3hs de cirurgia (T2, na admissão da unidade de terapia intensiva (T3 e após 6 h da admissão na unidade de terapia intensiva (T4. RESULTADOS: Foram incluídos 67 pacientes. Os valores médios do lactato dos pacientes no T0, T1, T2, T3 e T4 foram respectivamente 1,5 ± 0,8mmol/L, 1,5 ± 0,7mmol/L, 1,8 ± 1,2mmol/L, 2,7 ± 1,7mmol/L e 3,1 ± 2,0mmol/L. A taxa de mortalidade hospitalar foi 25,8% e as dosagens de lactato dos pacientes sobreviventes e dos não sobreviventes 6 h após admissão na unidade de terapia intensiva foram 2,5 ± 1,3 e 4,8 ± 2,8 mmol/L (pOBJECTIVES: An increased lactate level is classically considered a marker for poorer prognosis, however little information is available on intraoperative lactate's kinetics and its connection with prognosis. This study aimed to evaluate the time when perioperative lactate is most relevant for prognosis. METHODS: This was an observational prospective study conducted in a tertiary hospital. Patients with requested intensive care unit postoperative stay, aged > 18 years, undergoing major surgery were included. Palliative surgery patients and those with heart and/or severe

  1. Tendência da mortalidade por doença cerebrovascular no Estado de São Paulo: 1970 a 1989

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Andrade Lotufo

    1993-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: estudo descritivo da mortalidade proporcional e por coeficientes da doença cerebrovascular (DCbV na população adulta (20 anos e mais do Estado de São Paulo. CASUÍSTICA E MÉTODO: a fonte dos dados foi representada pelas tabulações de óbito codificadas pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (FSEADE; os dadoa de população foram obtidos dos Censos Demográficos do Brasil de 1970, 1980 e 1991; em todas as séries foi calculada a redução anual dos coeficientes de óbito obtidos nas curvas de regressão. RESULTADOS: a proporção de óbitos por DCbV na mortalidade geral apresentou queda no sexo masculino (M (- 11,40% e aumento no sexo feminino (F (+7,58%; no conjunto das doenças cardiovasculares, apresentou aumento em ambos os sexos, +8,65% (M e +3,12% (F; os coeficientes de mortalidade ajustados por idade para DCbV apresentaram declínio anual de 1,19% (M e 1,76% (F entre 1970 e 1989; as faixas etárias que mais se beneficiaram com o declínio foram as com 60 anos e mais entre os homens e 40 anos e mais entre as mulheres; a Razão de Sobre-mortalidade Masculina apresentou aumento significativo durante o período estudado (22% em 1970 para 45% em 1989, principalmente devido à faixa dos 50-59 anos (36% em 1970 para 69% em 1989. CONCLUSÃO: a queda dos coeficientes por DCbV poderia ser motivada pela maior detecção e controle da hipertensão arterial; outros fatores, como os decorrentes da notificação de óbitos, prevalência da miocardiopatia chagásica, introdução de novos exames diagnósticos e assistência médica, apresentariam papel secundário.

  2. Influência da linfadenectomia radical (D2 na morbidade e mortalidade da ressecção curativa do carcinoma gástrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dino Antonio Oswaldo Altmann

    Full Text Available A despeito da controvérsia existente na literatura com relação aos benefícios da linfadenectomia na sobrevida dos doentes submetidos a ressecções curativas para tratamento do adenocarcinoma gástrico, é inegável que a linfadenectomia ampliada (nível II na classificação japonesa contribui para o melhor estadiamento e prognóstico destes pacientes. Este procedimento permite-nos melhor identificar aqueles pacientes que têm pior prognóstico e oferecer-lhes novas formas de terapia adjuvante. Como o principal argumento para a não realização de cirurgias mais alargadas é que estas são acompanhadas de maior morbidade e mortalidade, os autores estudaram prospectivamente parâmetros relacionados a esses índices nas gastrectomias com linfadenectomia nível 11 (D2 que tiveram intenção curativa. Para tanto, estudaram-se a taxa de mortalidade, o tempo operatório, as unidades de glóbulos transfundidas, as complicações e o tempo de internação pós-operatória. Entre dezembro de 1992 e fevereiro de 1997 foram internados 86 pacientes com diagnóstico de adenocarcinoma gástrico, dos quais, em 27, atendidos por uma mesma equipe interessada no tratamento destes tumores, houve ressecção cirúrgica com intenção curativa e o tratamento consistiu de gastrectomia acompanhada de linfadenectomia D2. A gastrectomia subtotal foi realizada em 17 doentes, a total em três e a total ampliada em sete. Nove doentes tinham tumores superficiais. Não houve mortalidade entre os pacientes submetidos a ressecções D2; o tempo médio operatório foi de 208,7 minutos; receberam em média 0,2 unidades de glóbulos e a incidência de complicações foi de 33,3%. A permanência hospitalar pós-operatória média foi de 8,6 dias. Foram estudados 854 linfonodos, dos quais 22,1% eram positivos para tumor metastático. Os autores concluem que a dissecção D2 pode ser feita de forma segura e não deve ser evitada por causa do risco de complicações. Permite

  3. Impacto da mortalidade da doença da aorta torácica no estado de São Paulo no período de 1998 a 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ribeiro Dias

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Ainda não foram analisadas as características epidemiológicas das doenças da aorta torácica (DAT no estado de São Paulo e no Brasil, assim como o seu impacto na sobrevida desses pacientes. OBJETIVOS: Avaliar o impacto da mortalidade das DAT e caracterizá-la epidemiologicamente. MÉTODOS: Análise retrospectiva dos dados do Sistema Único de Saúde para os códigos de DAT do registro de internações, de procedimentos e dos óbitos, a partir do Código Internacional de Doenças (CID-10, registrados na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo durante o período de janeiro de 1998 a dezembro de 2007. RESULTADOS: Foram 9.465 óbitos por DAT, 5.500 homens (58,1% e 3.965 mulheres (41,9%; 6.721 dissecções (71% e 2.744 aneurismas, 86,3% diagnosticados no IML. Foram 6.109 internações, 67,9% do sexo masculino, sendo que 21,2% evoluíram a óbito (69% homens, com proporções semelhantes de dissecção e aneurisma entre os sexos, respectivamente 54% e 46%, porém com mortalidade distinta. Os homens com DAT morrem mais que as mulheres (OR = 1,5. A distribuição etária para óbitos e internações foi semelhante, com predomínio na sexta década. Foram 3.572 operações (58% das internações com mortalidade de 20,3% (os pacientes mantidos em tratamento medicamentoso apresentaram mortalidade de 22,6%; p = 0,047. O número de internações, de cirurgias, de óbitos dos pacientes internados e geral de óbitos por DAT foi progressivamente superior ao aumento populacional no decorrer do tempo. CONCLUSÕES: Atuações específicas na identificação precoce desses pacientes, assim como a viabilização do seu atendimento, devem ser implementadas para reduzir a aparente progressiva mortalidade por DAT imposta à nossa população.

  4. Mortalidade feminina no período reprodutivo em localidade urbana da região sudeste do Brasil: evolução nos últimos 20 Anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarisse D.G. Carvalheiro

    1992-08-01

    Full Text Available Estudou-se o comportamento da mortalidade na mulher de 15 a 49 anos, no período 1985 a 1989 comparando-o a 1970 a 1974, no Município de Ribeirão Preto, SP (Brasil. Os dados de óbitos foram obtidos nos Cartórios de Registro Civil e os de população estimados a partir dos 2 últimos censos. Analisou-se a mortalidade segundo procedência, estado civil, 7 grupos etários qüinqüenais e causas, segundo a Classificação Internacional de Doenças (9ª Revisão, 1975. Ocorreram 1.471 óbitos no período, sendo 705 os de residentes. As 4 principais causas de morte em ordem decrescente, foram: doenças do aparelho circulatório, neoplasmas, lesões e envenenamentos e doenças infecciosas e parasitárias. Os coeficientes específicos de mortalidade segundo grupos etários qüinqüenais, aumentam de modo geral com o avançar da idade, porém com valores menores que os da década anterior, particularmente aqueles codificados no Capítulo I. Os indicadores estudados mostram tendência ao declínio das doenças infecciosas e parasitárias e aumento concomitante das doenças crônico-degenerativas, ou seja, a ocorrência de uma transição epidemiológica vinculada às contradições inerentes ao estado atual de desenvolvimento do país.

  5. Mortalidade feminina no período reprodutivo em localidade urbana da região sudeste do Brasil: evolução nos últimos 20 Anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalheiro Clarisse D.G.

    1992-01-01

    Full Text Available Estudou-se o comportamento da mortalidade na mulher de 15 a 49 anos, no período 1985 a 1989 comparando-o a 1970 a 1974, no Município de Ribeirão Preto, SP (Brasil. Os dados de óbitos foram obtidos nos Cartórios de Registro Civil e os de população estimados a partir dos 2 últimos censos. Analisou-se a mortalidade segundo procedência, estado civil, 7 grupos etários qüinqüenais e causas, segundo a Classificação Internacional de Doenças (9ª Revisão, 1975. Ocorreram 1.471 óbitos no período, sendo 705 os de residentes. As 4 principais causas de morte em ordem decrescente, foram: doenças do aparelho circulatório, neoplasmas, lesões e envenenamentos e doenças infecciosas e parasitárias. Os coeficientes específicos de mortalidade segundo grupos etários qüinqüenais, aumentam de modo geral com o avançar da idade, porém com valores menores que os da década anterior, particularmente aqueles codificados no Capítulo I. Os indicadores estudados mostram tendência ao declínio das doenças infecciosas e parasitárias e aumento concomitante das doenças crônico-degenerativas, ou seja, a ocorrência de uma transição epidemiológica vinculada às contradições inerentes ao estado atual de desenvolvimento do país.

  6. Fatores determinantes da estrutura de capital das maiores empresas que atuam no Brasil Determinant factors of capital structure for the largest companies active in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovani Antonio Silva Brito

    2007-04-01

    Full Text Available Estrutura de capital é um tema ainda controverso em teoria de finanças. Desde a discussão entre a teoria tradicional, que defende a existência de uma estrutura de capital ótima que leva à maximização do valor da empresa, e a proposta por Modigliani e Miller (1958, que considera que o valor da empresa não é afetado pela forma como ela é financiada, diversos estudos empíricos têm sido realizados com o objetivo de identificar os fatores que explicam a forma como as empresas se financiam. Esta pesquisa analisa a estrutura de capital das maiores empresas que atuam no Brasil, investigando a relação entre o nível de endividamento e os fatores apontados pela teoria como seu determinante. O estudo é baseado em dados contábeis extraídos das demonstrações financeiras de empresas de capital aberto e de empresas de capital fechado. A técnica estatística utilizada no estudo é a regressão linear múltipla. Os resultados indicam que os fatores risco, tamanho, composição dos ativos e crescimento são determinantes da estrutura de capital das empresas, enquanto que o fator rentabilidade não é determinante. Os resultados, também, mostram que o nível de endividamento da empresa não é afetado pelo fato de ela ser de capital aberto ou de capital fechado.Capital structure is still a still controversial issue in finance theory. Since the discussion between traditional theory, which asserts the existence of an optimal capital structure that maximizes the firm’s value, and Modigliani and Miller’s theory (1958, which considers that the value of a firm is unaffected by how it is financed, many empirical studies have been carried out to identify the factors that explain how a firm finances itself. This research analyses the capital structure of the largest firms in Brazil and investigates the relationship between the leverage ratio and the factors indicated by theory as determinant. The study is based on accounting data extracted from

  7. Tendência da mortalidade por tuberculose no Brasil, 1980 a 2004 Mortality trends due to tuberculosis in Brazil, 1980-2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Bierrenbach

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o perfil atual e as tendências da mortalidade por tuberculose no Brasil, de 1980 a 2004. MÉTODOS: Estudo descritivo de tuberculose como causa básica ou associada de óbito do Brasil. Foram utilizados dados secundários do Sistema de Informação sobre Mortalidade. RESULTADOS: Houve redução inconstante do número e da taxa de mortalidade por tuberculose ao longo do período estudado, de 5,8 em 1980 para 2,8 por 100 mil habitantes, em 2004. Foi observada redução acentuada da mortalidade até 1985, mais evidente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Houve tendência de aumento da mortalidade por tuberculose em idades mais avançadas. Em 2004, foram notificados no Brasil 4.981 óbitos por tuberculose como causa básica, valor que aumentaria para 50% se fossem incluídos os óbitos por tuberculose como causa associada e por seqüela de tuberculose como causa básica. Em 2004, as maiores taxas padronizadas foram dos estados de Pernambuco (5,4 e Rio de Janeiro (5,0, e das capitais Recife (7,7 e Belém (5,8. CONCLUSÕES: Dada a conhecida associação entre tuberculose e Aids, a influência da epidemia de Aids reflete indiretamente nas tendências de mortalidade de tuberculose.OBJECTIVE: To analyze the current profile and trends of tuberculosis mortality in Brazil between 1980 and 2004. METHODS: Descriptive study of tuberculosis as underlying or associate cause of death based on secondary data from the Brazilian Mortality Information System. RESULTS: An irregular reduction in the number of tuberculosis deaths and mortality rates along the study period, from 5.8 in 1980 to 2.3 per 100,000 inhabitants in 2004, was seen. An accelerated reduction in mortality trend was seen until 1985 mostly in the states of Rio de Janeiro and São Paulo. There was a trend towards mortality occurring in older ages. In 2004, 4,981 tuberculosis cases were notified as underlying cause of death in Brazil but it would increase by 50% if

  8. Determinantes da escolha de arranjos institucionais: evidências na Comercialização de Fertilizantes para Soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Franco Paes Leme

    2008-06-01

    Full Text Available As transações entre os agentes do agronegócio têm deixado de ocorrer estritamente via mercado, passando a serem regidas por diferentes tipos de arranjos institucionais, caracterizados por contratos. No setor de fertilizantes, as empresas intensificaram a oferta de pacotes de insumos aos produtores agrícolas, mais especificamente aos produtores de soja, que são os focalizados neste artigo. Para adquirir fertilizantes, esses produtores podem optar pelo uso de recursos próprios, obtidos em financiamento com terceiros, ou podem ainda recorrer aos referidos pacotes que incluem além dos fertilizantes, soja e recursos financeiros, e que os produtores de soja chamam de "troca", adquirindo insumos pagando em soja para entrega futura. A motivação do presente trabalho é identificar quais são os fatores determinantes da escolha do produtor de soja entre arranjos alternativos para a aquisição de fertilizantes. Foram realizadas 200 entrevistas com produtores de soja dos estados de Goiás e Mato Grosso. Conclui-se que a formatação de arranjos do tipo bundling pode ser motivada por razões de eficiência, sendo a economia em custos de transação uma dessas razões. A aversão ao risco e a confiança motivam o uso do arranjo troca. Por fim, com relação à escala, os maiores produtores de soja, diferentemente do esperado, utilizaram mais o arranjo troca.Transactions among agribusiness agents are not exclusively carried out on the market, being also governed by alternative types of institutional arrangements, some of which determined upon contractual agreement. In the fertilizers sector, the companies intensified the offer of input packages to farmers, more specifically to soybean producers, object of this article. In order to acquire the fertilizers, these producers may choose to use their own financial resources, to obtain resources through financing with third parties, or they may recur to the said packages, which include soybean and

  9. Incidencia, mortalidad y prevalencia de enfermedad renal crónica terminal en la región del Bajo Lempa, El Salvador: 10 años de registro comunitario

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramón García-Trabanino

    2016-09-01

    Conclusiones: En esta región la incidencia de ERCT es elevada. Pocos reciben TSR. La mortalidad es alta, aun con TSR. Son mayormente varones adultos (9:1. Los determinantes sociales inciden en la alta mortalidad.

  10. INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS E OS DETERMINANTES DA ESTRUTURA DE CAPITAL DAS EMPRESAS DO SETOR DE SERVIÇOS: UMA ANÁLISE DE DADOS EM PAINEL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Afonso Vieira Brunozi

    2016-12-01

    Full Text Available Pesquisas sobre a estrutura de capital das empresas possuem participação significativa e relevante na área de Finanças. Diversas abordagens empíricas e teóricas buscam explicar os determinantes e as escolhas das estruturas de capital nas firmas. Nesse sentido, o presente estudo analisou os fatores determinantes da estrutura de capital nas empresas do setor de serviços brasileiras com a argumentação teórica da Pecking Order (POT. Discutiu-se a hierarquia das fontes de financiamentos nas empresas. Metodologicamente, a pesquisa considerou empresas de capital aberto do setor de serviços no período de 2007 a 2013. Com a aplicação de Dados em Painel consideraram-se para a composição do modelo as variáveis de endividamento (dependente, tamanho, tangibilidade, market to book, lucratividade, liquidez (folga financeira, ciclo operacional e giro do ativo (independentes. Os resultados mostraram a aceitação parcial das hipóteses. Observou-se que, somente tangibilidade não se apresentou como métrica explicativa para a estrutura de capital. As variáveis folga financeira e lucratividade foram significativas e corroboraram com as pressuposições da POT. Em contrapartida, apesar de apresentarem significâncias com a estrutura de capital, as variáveis, market to book, indicando preferências para a emissão de ações e, tamanho, ciclo operacional e giro do ativo, com direcionamentos às dívidas, contradisseram a POT.

  11. Perfil epidemiológico da morbi-mortalidade masculina Epidemiological profile of men: morbidity and mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    2005-03-01

    Full Text Available São abordados aspectos das diferenças entre a saúde do homem e da mulher, enfocando questões ligadas a fatores biológicos (sexo e comportamentais (gênero. A sobremortalidade masculina e a resultante menor esperança de vida estão apresentadas; são discutidos o envelhecimento populacional e suas conseqüências, do ponto de vista da saúde, sendo estas mais intensas no homem. O panorama atual no Brasil segue o padrão observado em outros países. Os coeficientes de mortalidade masculina são cerca de 50% maiores e, considerando as idades, a maior razão de sexo acontece no grupo etário de 20 a 39 anos (3 mortes masculinas para cada feminina. Na distribuição segundo causas, sobressaem mortes por doenças do aparelho circulatório seguidas por aquelas relativas a acidentes e violências. Na morbidade, medida pelas internações (excluídas aquelas por parto, há um equilíbrio entre o número de hospitalizações masculinas e femininas. As distribuições das altas segundo os motivos de internação, para ambos os sexos, apresentam semelhanças, com exceção das relativas a causas externas e aos transtornos mentais e comportamentais, respectivamente, com razões iguais a 2,3 e 1,9 internações masculinas para cada feminina. São estudados ainda a Aids e o alcoolismo, como exemplos de importantes agravos na saúde masculina.Differences between aspects of women and men health are pointed out and questions about biologic (sex and behavioral (gender factors are commented. The higher male mortality and their lower life expectancy, as well as the aging process of the population are discussed. The actual Brazilian male mortality pattern is similar to other countries. The male death rates are 50% higher than the female ones. Considering the age groups, the higher sex ratio occurred in the age group 20 to 39 years (3 male deaths : 1 female death. Observing the distributions of deaths according to the underlying causes, for both sexes, call the

  12. Tendência da mortalidade por insuficiência cardíaca em Salvador, Bahia, Brasil Heart failure mortality trend in Salvador, Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Lopes Latado

    2005-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a tendência da mortalidade por insuficiência cardíaca (IC em Salvador - Bahia, no período de 1979-1995. MÉTODOS: A IC foi definida pelas notações da 9ª Revisão do Código Internacional de Doenças (CID9 428.0, 428.1 e 428.9. Dados de óbitos por IC e populacionais (região metropolitana de Salvador foram obtidos por meio da Secretaria de Saúde da Bahia e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As taxas de mortalidade (/100.000 foram totais ou por gênero e idade, e brutas ou ajustadas por idade (padronização direta. RESULTADOS: As taxas de mortalidade por IC sofreram redução progressiva no período de tempo avaliado, para ambos os gêneros, especialmente até o ano de 1992. A partir daí e até 1995, ocorreu uma aparente estabilização das curvas. A taxa de mortalidade bruta passou de 25,0/10(5, em 1979, para 16,4/10(5 habitantes, em 1995 (queda de 34,4%. A redução foi de 34,0% (23,3/10(5, em 1979, para 15,4/10(5 habitantes, em 1995 para o sexo masculino e de 35,2% (26,7/10(5, em 1979, para 17,3/10(5 habitantes, em 1995, para o sexo feminino. A mesma tendência ocorreu nas diversas faixas etárias, inclusive para a população > 40 anos, de maior risco para IC. Após o ajuste por idade (população padrão de 1979, observa-se que as reduções relativas nas taxas foram ainda maiores. CONCLUSÃO: A mortalidade por IC, em Salvador-Bahia, declinou de 1979 a 1992, estabilizando-se a partir de então até 1995.OBJECTIVE: To assess mortality trend due to heart failure (HF in Salvador - Bahia, from 1979 to 1995. METHODS: HF was defined by notations from the 9th Review of International Disease Code (IDC9 428.0, 428.1 and 428.9. HF death and population data (metropolitan area of Salvador were obtained by means of Secretaria de Saúde da Bahia (Bahia State Health Secretariat and Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Brazilian Institute of Geography and Statistics. Mortality rates (/100,000 were

  13. A consultoria em gestão realizada pelo contabilista como alternativa de redução da mortalidade das MPE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Domingues Carneiro

    2005-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por finalidade demonstrar que é possível reduzir a alta taxa de mortalidade das Micro e Pequenas Empresas no Brasil, na ordem de quase 50% nos dois primeiros anos, por meio da consultoria especializada em gestão, realizada por profissionais da contabilidade. O estudo tem como um de seus pilares, o estabelecimento de uma relação entre a Teoria Geral dos Sistemas e o Sistema de Gestão das Micro e Pequenas Empresas (MPE, tendo como seu subsistema principal a Consultoria em Gestão pelo Contabilista. O artigo ao mesmo tempo em que evidencia a presença constante do profissional da contabilidade nas MPE, desde o seu surgimento, também identifica uma série de causas que levam a essa mortalidade, principalmente na área de gestão, trazendo uma proposta de alternativa de redução de tal problemática, por intermédio, especialmente, da formação continuada do profissional da área contábil. This artide aims to show that it is possible to reduce the high mortality rate ofMicro and 5mall Enterprises (M5Es in Brazil, reaching almost 50% in the twofirst years, by means of consultancy, specialized in Gestion, given byaccounting professionals. One of the main fundaments of this study is theestablishment of a relationship between 5ystems General Theory and Gestion5ystem of Micro and 5mall Enterprises having as its most relevant subsystems,the Gestion Consultancy by the Accountant. Besides highlighting the frequentpresence of the Accounting Professional in the M5Es since those were firstcreated, this artide also identities series of causes that lead to theirmortality, mainly in the Gestion Area, bringing an alternative proposal ofreducing such a problem, especially through the continued education of theaccounting area professional.

  14. Determinantes sociais de saúde: características da comunidade e trabalho das enfermeiras na saúde da família Determinantes sociales de salud: características de la comunidad y trabajo de las enfermeras en la salud de la familia Social determinants of health: community features and nurse work in the family health care

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia Fontella Sant'anna

    2010-03-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar os Determinantes Sociais de Saúde que despontam nos depoimentos das enfermeiras, ao caracterizarem a comunidade, analisando sua relação com o trabalho desenvolvido. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo com análise qualitativa nas categorias teóricas dos determinantes. Utilizou-se entrevista semiestruturada gravada com consentimento das 65 enfermeiras da Estratégia Saúde da Família, pertencentes à 3ª Coordenadoria Regional de Saúde do Rio Grande do Sul. Evidenciou-se a inter e intrarrelação nos fatores determinantes da saúde, obtendo 104 citações para as características anatomofisiológicas dos indivíduos/comunidade correspondentes aos determinantes proximais e em associação predominantemente ao trabalho desenvolvido pelas enfermeiras. Para os determinantes intermediários houve 27 citações e, para os distais, 166, com predominante referência à localização territorial das comunidades em áreas rurais e periféricas. As enfermeiras relataram uma estreita relação entre as características proximais e o trabalho por elas desenvolvido, bem como visualizam a relação com os demais determinantes na relação com o processo de adoecimento.Este estudio tuvo el objetivo de identificar los Determinantes Sociales de Salud que se destacan en las declaraciones de las enfermeras, al caracterizar la comunidad, analizando su relación con el trabajo desarrollado. Se trata de un estudio exploratorio-descriptivo con análisis cualitativa en las categorías teóricas de los determinantes. Fue utilizada la entrevista semiestructurada grabada con el consentimiento de las 65 enfermeras de la Salud de la Familia, pertenecientes a la 3ª Coordinación Regional de Salud del Rio Grande do Sul, Brasil. Fue evidenciado la inter e intrarrelación en los factores determinantes de la salud, obteniendo 104 citaciones para las características anatomofisiológicas de los individuos

  15. Uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais, Brasil Use of the land as determinant of the distribution of the bovine rabies in Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Silva

    2001-06-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar variáveis do uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Utilizaram-se os dados dos Censos Agropecuários de Minas Gerais- FIBGE, anos de 1970, 1985 e 1995-1996. Empregou-se o método da análise fatorial de componentes principais, com auxílio do programa Minitab versão 9.0. A raiva bovina apresentou-se mais associada às lavouras permanentes e temporárias, às pastagens naturais e plantadas e ao efetivo bovino, e menos associada às matas naturais e plantadas, às lavouras em descanso e às terras produtivas não utilizadas. Concluiu-se que as transformações antrópicas no espaço agrário, especialmente no uso da terra, influenciaram de modo determinante a distribuição espacial e temporal da raiva bovina em Minas Gerais.A retrospective observational study was performed to evaluate variables of the use of the land to determine space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais State - Brazil, from 1976 to 1997. The analysis of 7526 records for bovine rabies diagnosis used direct immunofluorescence was performed. For analysis of the use of the land the data of the Agricultural Censuses of Minas Gerais - FIBGE, years of 1970, 1985 and 1995-1996 were studied. Factorial analysis of the main components, with the aid of the Minitab Program version 9.0, was used to investigate the behavior of rabies and variables of the use of the land. This disease was more associated to the permanent and temporary crops, natural and artificial pastures, and size of the bovine herds. On the other hand, it was less associated to the artificial and natural forests, resting crop areas or unused productive land. It was concluded that anthropics transformations in agrarian space, especially related to the use of the land had a determinant

  16. Determinants of mortality in oncology patients colonized or infected with Staphylococcus aureus Determinantes de mortalidade em pacientes colonizados ou infectados por internados em um hospital do câncer. Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Claudio Santos Thuler

    1999-04-01

    Full Text Available Oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (ORSA infection is an important cause of hospital morbidity and mortality. The objective of this study was to identify the main factors associated with death in patients colonized or infected with Staphylococcus aureus in a cancer center. A matched-pair case-control study enrolled all patients infected or colonized with ORSA (cases admitted to the Hospital do Câncer in Rio de Janeiro from 01/01/1992 to 12/31/1994. A control was defined as a patient hospitalized during the same period as the case-patients and colonized or infected with oxacillin-susceptible Staphylococcus aureus (OSSA. The study enrolled 95 cases and 95 controls. Patient distribution was similar for the two groups (p > or = 0.05 with respect to gender, underlying diseases, hospital transfer, prior infection, age, temperature, heart and respiratory rates, neutrophil count, and duration of hospitalization. Univariate analysis of putative risk factors associated with mortality showed the following significant variables: admission to the intensive care unit (ICU, presence of bacteremia, use of central venous catheter (CVC, ORSA colonization or infection, pneumonia, use of urinary catheter, primary lung infection, prior use of antibiotics, mucositis, and absence of cutaneous abscesses. Multivariate analysis showed a strong association between mortality and the following independent variables: admission to ICU (OR [odds ratio]=7.2, presence of Staphylococcus bacteremia (OR=6.8, presence of CVC (OR=5.3, and isolation of ORSA (OR=2.7. The study suggests a higher virulence of ORSA in comparison to OSSA in cancer patients.As infecções causadas por Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (ORSA são causas importantes de morbidade e mortalidade. O objetivo do estudo foi identificar os principais fatores associados à mortalidade em pacientes colonizados ou infectados por Staphylococcus aureus em um hospital de câncer. Foi realizado um

  17. Trends in Infant mortality rate and mortality for neonates born at less than 32 weeks and with very low birth weight Tendencia de la mortalidad infantil y de neonatos menores de 32 semanas y de muy bajo peso Tendência da mortalidade infantil e dos neonatos menores de 32 semanas e de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    René Mauricio Barría-Pailaquilén

    2011-08-01

    Full Text Available The aim of the study was to assess the trend of the infant mortality rate between 1990-2004 and the neonatal mortality between 2000-2005 in infants born at less than 32 weeks of gestational age or with very low birth-weight. Based on secondary data, infant mortality rate and by its component for Valdivia city were compared with national indicators. Mortality at Para evaluar la tendencia de la mortalidad infantil entre 1990-2004 y la mortalidad de prematuros menores de 32 semanas de edad de gestación y niños de muy bajo peso al nacer, entre 2000-2005, se compararon los datos secundarios globales por componentes del Servicio de Salud Valdivia con los totales del país, en Chile. Se calculó la mortalidad específica, por mil nacidos vivos, para los Para avaliar a tendência da mortalidade infantil, entre 1990 e 2004, a mortalidade de prematuros <32 semanas de idade gestacional e crianças de muito baixo peso ao nascer, entre 2000 e 2005, compararam-se dados secundários globais e por componentes do Serviço de Saúde Valdivia, e do total do país (Chile. Calculou-se a mortalidade específica em <32 semanas e <1.500g, por mil nascidos vivos, estabelecendo causas de óbito e avaliando sua relação com intervenções específicas, como uso de surfactante e corticoides pré-natais. A mortalidade infantil deteve sua queda a partir do ano 2000, com referência à década precedente, e a brecha que existia, entre os valores nacionais e locais antes de 2000, reduziu drasticamente. A mortalidade em <32 semanas e <1.500g variou entre 88 e 200‰ nascidos vivos, destacando a síndrome da angústia respiratória como principal causa de morte. O uso de corticoides e surfactante coincidiu com reduções da mortalidade.

  18. Um estudo sobre os determinantes do prêmio de risco da dívida pública no Brasil

    OpenAIRE

    Loureiro, André Soares

    2003-01-01

    O objetivo deste trabalho é identificar os determinantes do prêmio de risco da dívida pública no Brasil, uma vez que a redução deste permitirá que as taxas de juros na economia brasileira sejam compatíveis com um maior crescimento econômico. Os resultados empíricos obtidos não rejeitam as hipóteses dos modelos de Dornbusch (1983), e sua posterior extensão ao caso italiano por Cottarelli, C. e Mecagni, M. (1990), e de Romer (2000), de que uma melhora dos fundamentos econômicos reduz o prêmi...

  19. Evolução da mortalidade infantil e perinatal no municipio de Campinas/SP no periodo de 1970 a 1995

    OpenAIRE

    Marcia Araujo Barreto

    1998-01-01

    Resumo: OBJETIVO: Estudar a qualidade da informação e descrever a evolução da Mortalidade Infantil (MI) e Perinatal e de seus componentes no município de CampinasjSP jBrasil de janeiro de 1970 a dezembro de 1995. POPULACÃO: Dados secundários relativos a crianças falecidas com menos de um ano de idade, distribuídas por grupos etários (menores de um dia, de um a seis dias, de 7 a 27 dias e de 28 a 364 dias) residentes neste município no ano de sua morte e fetos de mães residentes neste mesmo mu...

  20. Distribuição espacial da mortalidade por tuberculose em Salvador, Bahia, Brasil Spatial distribution of tuberculosis mortality in Salvador, Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Frias Mota

    2003-08-01

    Full Text Available Com o objetivo de descrever a distribuição espacial da mortalidade por tuberculose em Salvador nos anos de 1991, 1994 e 1997, foi realizado um estudo ecológico, descritivo, tendo como unidade de análise o Distrito Sanitário (DS. Foram calculados os coeficientes padronizados de mortalidade por tuberculose e a mortalidade proporcional por tuberculose, em relação ao conjunto das doenças infecciosas e parasitárias, utilizando-se as declarações de óbitos como fonte de dados. O DS com os maiores coeficientes padronizados foi o Subúrbio Ferroviário, com taxas de 15,7, 10,6 e 10,6/100 mil habitantes, em 1991, 1994 e 1997, respectivamente. Em 1997, foram observadas as menores taxas padronizadas. A mortalidade proporcional por tuberculose em Salvador, nos anos de 1991, 1994 e 1997, representou 20,7%, 18,2 % e 16,9%, respectivamente, do total das mortes por doenças infecciosas e parasitárias. A faixa etária de maior risco, nos anos estudados, foi aquela acima de 65 anos. Os autores discutem as possibilidades de utilização dos resultados deste estudo para a implementação de políticas locais de saúde equânimes e desenvolvimento de operações de vigilância da saúde, tendo em vista a identificação de DS com maior risco de óbito e as faixas etárias mais acometidas.An ecological study was conducted to describe the urban spatial distribution of mortality attributable to tuberculosis in Salvador, Bahia, Brazil in 1991, 1994, and 1997. The unit of analysis was the Health District (HD. The HD with the highest standardized rates was Subúrbio Ferroviário in 1991, 1994, and 1997, with 15.7, 10.6, and 10.6/100.000 inhabitants, respectively. Inequalities in mortality between HDs were high. The year 1997 showed the lowest standardized rates. The proportional mortality ratios for tuberculosis when compared with total deaths from infectious diseases were 20.7%, 18.2%, and 16.9% for 1991, 1994, and 1997 respectively. The highest rates were

  1. Avaliação da qualidade de vida e mortalidade em pacientes com eventos cardíacos graves no pós-operatório Evaluación de la calidad de vida y de la mortalidad en pacientes con eventos cardíacos mayores en el postoperatorio Quality of life and mortality assessment in patients with major cardiac events in the postoperative period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando José Abelha

    2010-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Complicações cardiovasculares no pós-operatório associam-se a elevadas mortalidade e morbidade. Poucos estudos avaliaram o grau de dependência desses doentes e a percepção da sua saúde. O objetivo deste trabalho foi avaliar a mortalidade e a qualidade de vida em doentes que desenvolveram eventos cardíacos graves (EC no pós-operatório. MÉTODO: Estudo retrospectivo numa Unidade de Tratamento Intensivo Cirúrgica (UTI-Cirúrgica, entre março de 2006 e março de 2008. Os doen tes foram avaliados quanto à ocorrência de EC. Seis meses após a alta, foi preenchido o questionário Short-Form-36 (SF-36 e avaliada a dependência nas atividades da vida diária (AVD. As comparações entre grupos independentes de doentes foram efetuadas com teste t de Student. A comparação entre cada variável e a ocorrência de EC foi efetuada por regressão logística envolvendo todos os doentes. RESULTADOS: Dos 1.280 doentes que apresentaram critérios de inclusão, 26 (2% desenvolveram EC. A análise univariada identificou como determinantes independentes para o desenvolvimento de EC: estado físico ASA, hipertensão arterial, doença cardíaca isquêmica, doença cardíaca congestiva e escore do Índice de Risco Cardíaco Revisado. A mortalidade seis meses após alta da UTI-Cirúrgica foi de 35%. Dos 17 sobreviventes aos seis meses, 13 completaram os questionários. Trinta e um por cento referiram que sua saúde em geral era melhor no dia em que responderam ao questionário do que 12 meses antes. Sessenta e nove por cento dos doentes estavam dependentes nas AVD instrumentais e 15%, nas AVD pessoais. CONCLUSÕES: O desenvolvimento de EC tem sério impacto no tempo de hospitalização e nas taxas de mortalidade. Seis meses após a alta da UTI-Cirúrgica, mais de metade dos doentes estavam dependentes em pelo menos uma AVD instrumental.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las complicaciones cardiovasculares en el postoperatorio est

  2. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Walter

    1996-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.

  3. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços de salão de beleza Determinants of satisfaction and quality attributes in beauty salon services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Duarte Ribeiro

    2012-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta um modelo de representação dos determinantes da satisfação dos clientes de serviços em salões de beleza e dos atributos de qualidade percebidos por eles. Para isso, foram aplicadas duas pesquisas junto a usuários de salões de beleza com a finalidade de: (i determinar as relações entre os determinantes da satisfação dos clientes; e (ii identificar e hierarquizar atributos de qualidade percebidos, de acordo com sua importância para os clientes do serviço em questão. A confirmação de expectativas e a qualidade percebida aparecem como os principais determinantes da satisfação dos clientes. Competência técnica, limpeza do ambiente e dos utensílios, cumprimento de horários e localização conveniente aparecem como os principais atributos de qualidade percebidos. Os resultados desta pesquisa podem ser usados pelos gerentes de salões de beleza para aprimorar a qualidade do serviço e a satisfação dos clientes, estabelecendo um diferencial competitivo para sua empresa.This paper presents a model to represent customer satisfaction determinants and perceived quality attributes in the hairdressing and beauty service segment. Two surveys were applied to beauty salon users with the purpose of: (i determine the relationships among customer satisfaction determinants, and (ii identify and rank attributes of perceived quality, according to their importance for customers of this segment. Confirmation of expectations and perceived quality appear as the main determinants of customer satisfaction. Technical competence, cleanliness of environment and tools, compliance to appointments, and convenient locations appear as the main attributes of perceived quality. These results can be used by managers of beauty salons to improve service quality and customer satisfaction, establishing a competitive advantage for their companies.

  4. Anemia e nível de hemoglobina como fatores prognósticos da mortalidade entre idosos residentes na comunidade: evidências da Coorte de Idosos de Bambuí, Minas Gerais, Brasil

    OpenAIRE

    Clarice Lima Álvares da Silva; Maria Fernanda Lima-Costa; Josélia Oliveira Araújo Firmo; Sérgio Viana Peixoto

    2013-01-01

    O objetivo deste trabalho foi examinar a influência de baixos níveis de hemoglobina (Hb) e anemia na mortalidade entre idosos ao longo de dez anos de seguimento (1997 a 2007). Entre os 1.742 idosos participantes da linha de base da coorte de Bambuí, Minas Gerais, Brasil, 1.322 (82,3%) foram acompanhados pelo tempo médio de 8,9 anos. A probabilidade de sobrevida foi estimada pelo método de Kaplan-Meier e o modelo de riscos proporcionais de Cox foi utilizado, estimando-se os hazard ratios (HR) ...

  5. Pesquisa sobre mortalidade perinatal no Brasil: revisão da metodologia e dos resultados Perinatal mortality research in Brazil: review of methodology and results

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Costa Fonseca

    2004-01-01

    Full Text Available A mortalidade perinatal persiste como relevante evento em saúde pública, demandando estudos epidemiológicos, tanto para definir sua magnitude e variações temporais, como para identificar seus determinantes e apontar as intervenções adequadas. Existem ainda questões conceituais e metodológicas controversas, gerando heterogeneidade nos estudos e prováveis vieses. No Brasil, nos últimos anos, desponta uma produção crescente sobre o tema, principalmente no Sudeste e Sul. Foram revistos 24 artigos de 1996 a 2003, focalizando: definições e classificações utilizadas, fontes de dados, desenhos de estudo, formas de aferição das variáveis, modelos de análise estatística e principais resultados. A revisão mostrou a progressiva utilização de bancos de dados informatizados, principalmente o SINASC e o SIM, o pequeno número de estudos sobre natimortalidade, a incorporação ainda incipiente das classificações de causas e a discordância em relação a alguns fatores de risco.The perinatal mortality rate remains a public health problem, demanding epidemiological studies to describe its magnitude and time trends, identify risk factors, and define adequate interventions. There are still methodological controversies, resulting in heterogeneous studies and possible biases. In Brazil, there has been a growing scientific output on this theme, mainly in the South and Southeast of the country. Twenty-four articles from 1996 to 2003 were reviewed, focusing on definitions and classifications, data sources, study designs, measurement of variables, statistical analysis, and results. The review showed an increasing utilization of data bases (mainly SINASC and SIM, few studies on stillbirth, the incorporation of classification schemes, and disagreement concerning risk factors.

  6. Mortalidade por violências: aplicação de técnicas de análise exploratória em área metropolitana da região sudeste do Brasil, 1979-1987

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina M.C. Amarante

    1994-06-01

    Full Text Available Realizou-se análise exploratória das taxas brutas de mortalidade por causas externas, nos municípios da Baixada Fluminense e no Município do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1979 a 1987. Objetivou-se verificar a tendência da mortalidade na área e período especificados para investigar a premissa de que a violência vem crescendo. Os resultados obtidos mostraram que as taxas de mortalidade apresentaram tendência de crescimento não linear ao longo de todo o período. Observou-se decréscimo de 1979 a 1983, seguido de crescimento a partir de 1984 quando as taxas atingem patamares mais elevados.

  7. Perfil da mortalidade materna por aborto no Paraná: 2003-2005 Perfil de la mortalidad materna, por aborto en el Paraná: 2003-2005 Characteristics of maternal mortality by abortion in Parana: 2003-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleyde Ventura de Souza

    2008-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo cujo objetivo foi identificar o perfil das mulheres que tiveram como causa de morte o aborto, no Estado do Paraná, no período entre 2003 e 2005, com destaque para aspectos sociodemográficos, reprodutivos e relacionados à assistência prestada. Os dados foram obtidos a partir dos estudos de série de casos de óbitos maternos elaborados pelo Comitê Estadual de Prevenção da Mortalidade Materna/Paraná. Foram analisados 17 casos. Os resultados apontaram que 88% dos óbitos poderiam ter sido evitados. O aborto seguido de infecção (59% foi a causa básica de maior concentração entre as mortes. As mulheres jovens, casadas, com baixo status socioeconômico e reprodutivo foram as mais atingidas. Reafirma-se a importância do acesso a bens sociais, da redução das desigualdades sociais e da educação em saúde voltada para o planejamento reprodutivo de qualidade.Estudio descriptivo cuyo objetivo fue identificar las características de las mujeres que tuvieron como causa de muerte el aborto en el estado de Paraná en el período entre 2003 a 2005, con destaque para aspectos sociodemográficos, reproductivos y al cuidado que recibieron. Los datos fueron obtenidos con la serie de casos de óbitos maternos elaborados por el Comité Estadual de Prevención de la Mortalidad Materna/Paraná. Fueron analizados 17 casos. Los resultados mostraron que 88% de los óbitos podrían haber sido evitados. El aborto seguido de infección (59% fue a causa básica de mayor concentración, entre las muertes evitables. Las mujeres jóvenes, casadas; con bajo status socioeconómico y reproductivo fueron las más alcanzadas. Se reafirma la importancia del acceso a bienes sociales y a la educación sanitaria hacia un planeamiento reproductivo calificado.A descriptive study whose objective was to identify the characteristics of women who died while having an abortion in the state of Parana between 2003 and 2005, outlining the sociodemographical

  8. O impacto dos efeitos da ocupação sobre a saúde de trabalhadores: II - Mortalidade The impact of occupation on worker's health: II - Mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    René Mendes

    1988-10-01

    Full Text Available Foi realizada revisão bibliográfica analítica com o objetivo de quantificar o impacto dos efeitos da ocupação sobre a mortalidade de trabalhadores em suas implicações sobre o setor saúde. As repercussões sobre a mortalidade de trabalhadores são medidas através das mortes diretamente relacionadas com o trabalho (acidentes do trabalho fatais e intoxicações fatais e das indiretamente relacionadas. Partindo das grandes causas de morte entre adultos - doenças cardiovasculares, câncer e mortes violentas - e explorando as informações obtidas em estudos epidemiológicos realizados em outros países, estimou-se a força da contribuição da ocupação sobre a mortalidade. O peso e a complexidade das repercussões sobre o setor saúde pressupõem um desempenho mais ativo na definição de políticas e responsabilidades, e na organização de ações destinadas a identificar, reduzir ou eliminar a participação dos riscos ocupacionais nas grandes causas de doença e morte.An attempt to estimate the impact of occupation on worker's health was made as part of the rationale for the progressive integration of Occupational Health into the Health Sector. In this second study, based on a critical review of the literature, the repercussions on mortality are discussed on this basis analysis of the Brazilian data on deaths directly related to occupation (fatal occupational accidents and acute poisonings, as well as on those indirectly so related. The analysis of the major causes of adult deaths - cardiovascular diseases, cancer and violent deaths - compared with the proportion of "work-relatedness" according to several epidemiologic studies carried out in developed countries, make possible an estimation of the influence of the contribution of occupation on mortality. The size of this contribution is the main argument for an active involvement of the health sector in Occupational Health issues, because of the heavy toll in terms of adult morbidity

  9. Determinantes ambientais e sociais da esquistossomose mansoni em Ravena, Minas Gerais, Brasil Environmental and social determinants in schistosomiasis mansoni in Ravena, Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Coura-Filho

    1995-06-01

    Full Text Available Neste estudo foram identificados os determinantes biológicos e sociais na transmissão da esquistossomose em Ravena, Sabará, Minas Gerais, Brasil, em 1980, visando a caracterizar o perfil clínico-epidemiológico da endemia na população para posterior avaliação da eficácia do fornecimento de água potável intradomiciliar e o tratamento específico quadrianual dos infectados pelo Schistosoma mansoni. O distrito é formado por três localidades: Ravenópolis, Ravena e Lavapés, cujas prevalências da endemia foram 20,1%; 42,6% e 63,9%, respectivamente. A prevalência da endemia no distrito foi estatisticamente maior nos homens. As faixas etárias que apresentaram diferenças por sexo foram as de 10-14 e 15-19 anos. A intensidade da infecção só foi diferente estatisticamente entre indivíduos com idade entre 10 e 14 anos nas três localidades, e de 15 a 19 anos entre indivíduos de Ravenópolis e Ravena. A forma hepatointestinal estava associada à idade: menores de 15 anos apresentaram risco 8,85 vezes maior do que os adultos. A análise multivariada dos fatores determinantes da transmissão da endemia evidenciou que a localidade de Lavapés esteve independentemente associada à infecção pelo S. mansoni. Era onde estavam ocorrendo os maiores riscos de infecção por falta de saneamento, maior proximidade das casas a córregos infestados por cercárias de S. mansoni, o que facilitava a infeccção das donas-de-casa em atividades domésticas e dos homens na prática de tirar areia. Esses resultados apontam o carater focal da transmissão da endemia, exigindo medidas específicas.This study identified the role of biological and social determinants in the transmission of schistosomiasis mansoni in Ravena, Minas Gerais, Brazil, in 1980. This data was used to characterize the clinical and epidemiological profiles of the endemic desease in the population, allowing for the determination of the efficacy of the potable water supply and the

  10. Estudo da morbidade e da mortalidade perinatal em maternidades: II - mortalidade perinatal segundo peso ao nascer, idade materna, assistência pré-natal e hábito de fumar da mãe A study of perinatal morbidity and mortality in maternity hospitals: II - perinatal mortality according to birth weight, maternal age, prenatal care and maternal smoking

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1985-06-01

    Full Text Available Analisa-se a influência de variáveis como peso ao nascer, idade materna, assistência pré-natal e tabagismo materno. Do estudo dos 12.999 nascimentos (vivos e mortos ocorridos em nove maternidades no período de um ano, verificou-se que a mortalidade perinatal é muito maior para os recém-nascidos de baixo peso (665,3 ‰ para peso até 1.500 g, diminuindo à medida que aumenta o peso ao nascer. Também nos casos de mães jovens (menores de 15 anos ou mães com idade superior a 35 anos esse coeficiente foi mais elevado (45,5 ‰ para mães com menos de 15 anos e 47,0 ‰ para mães entre 35 a 39 anos. A faixa imediatamente superior - 40 a 44 anos - apresentou a mais alta mortalidade perinatal: 61,3 ‰ nascidos vivos e nascidos mortos. O número de consultas realizadas no pré-natal tem importância para a diminuição da gestação de alto risco. Mães que fizeram 7 ou mais consultas no pré-natal tiveram a menor mortalidade no período (17,7‰ nascidos vivos e nascidos mortos. Já o hábito materno de fumar influencia a mortalidade quando a quantidade é de mais de 10 cigarros por dia. A mortalidade perinatal dos produtos de mães que fumavam menos de 10 cigarros por dia não diferiu das taxas de mortalidade para as mães não-fumantes.The influence of birth weight, maternal age, prenatal care and smoking during pregnancy are analysed. Of 12,999 births (live and stillbirths ocurring in nine maternity hospitals during one year, the greatest perinatal mortality rate (PM was that of low birth weight babies (665.3 ‰ for those weighing less than 1,500 g. The PM decreases with increasing weight. Young mothers (less than 15 years of age and women aged 35 or more also had higher Perinatal Mortality rates - 45.5 ‰ for the former and 47.0 ‰ for the latter. Prenatal care is important for the decrease of high risk in pregnancy. Mothers who had made 7 or more consultations during pregnancy had the lowest PM (17.7 ‰ live and stillbirths

  11. Evolução da mortalidade geral, infantil e proporcional no Brasil Trends in general, infant and proportional mortality in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Yunes

    1974-06-01

    Full Text Available Estudo da evolução da mortalidade geral, infantil e proporcional para o Brasil e Regiões Fisiográficas de 1941 a 1970. Nos últimos 30 anos a redução de mortalidade geral para o Brasil foi de 47,5%, tendo sido maior a queda na região Centro-Oeste. No último decênio observa-se o aumento do coeficiente em todas as regiões iniciando-se em diferentes períodos, sendo em parte devido ao aumento da mortalidade infantil. Ao se comparar a mortalidade geral do Brasil com a de países mais desenvolvidos, ela pode ser considerada elevada, uma vez que cerca de 42% da população tem menos de 14 anos de idade, indicando nível de saúde insatisfatório. Para a mortalidade infantil, em 30 anos houve uma redução de seu coeficiente em 46,2%, tendo sido maior esta queda na região Centro-Oeste. No último decênio, observa-se um aumento deste coeficiente, sugerindo, portanto, uma piora do nível de saúde e ao se comparar com outros países é notória a diferença observada. Ao se comparar a mortalidade proporcional (percentagem do total de óbitos de crianças menores de 1 ano de 1940/1970, observa-se uma elevação de 16,3%, sendo no último decênio o maior aumento para as regiões Centro-Oeste (57,7% e Sudeste (36,1%. Ao se comparar os dados do Brasil com o Estado e Município mais desenvolvido (São Paulo, observa-se sempre que estes indicadores para o país como um todo apresentam-se mais elevados, sugerindo um pior nível de saúde. Entre os principais fatores condicionantes da piora do nível de saúde do Brasil no último decênio, destaca-se o econômico onde ocorre um aumento na concentração da distribuição de renda, declíneo do salário mínimo real de 20%, com conseqüente diminuição do poder aquisitivo da população assalariada. Acresce-se ainda, o aumento da população descoberta dos recursos de saneamento básico.Study of the evolution of general mortality, infant mortality rate and mortality ratio in Brazil and

  12. A mortalidade cárdio-cerebrovascular e os problemas da prática no controle da hipertensão arterial Cardiocerebrovascular mortality and problems of arterial hypertension control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Regina Car

    1998-08-01

    Full Text Available Nesta revisão de literatura retoma-se a evolução da mortalidade cárdio-cerebrovascular e sua relação com os problemas da prática no controle da hipertensão arterial. Salienta-se a importância em dar continuidade a investigação das questões de acesso ao sistema de saúde, conhecimento do diagnóstico e adesão ao tratamento da hipertensão arterial.This article is a literature review of evolution of Cardiocerebrovascular mortality and the practical control of arterial hypertension. The importance of investigation is focalized on access to health system, knowledge of diagnosis and compliance to arterial hypertension treatment.

  13. O impacto da obesidade na morbi-mortalidade de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica = Impact of obesity in morbity and mortality of patients submitted to myocardial revascularization surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guaragna, Luciana Parareda

    2008-01-01

    Conclusões: neste estudo a obesidade aumentou o risco das seguintes complicações no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio: mediastinite, tromboembolia pulmonar e síndrome da resposta inflamatória sistêmica. Não houve aumento estatisticamente significativo na mortalidade

  14. Tendências da internação e da mortalidade infantil por diarréia: Brasil, 1995 a 2005 Tendencias de la internación y de la mortalidad infantil por diarrea: Brasil, 1995 a 2005 Trends in hospital admission and infant mortality from diarrhea: Brazil, 1995-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Cláudia Roma de Oliveira

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência das internações e da mortalidade por diarréia em crianças menores de um ano. MÉTODOS: Foi realizado um estudo ecológico de séries temporais entre 1995 e 2005, para o Brasil e para as capitais dos estados. Foram utilizados dados secundários do Ministério da Saúde, obtidos do Sistema de Informação Hospitalar e do Sistema de Informação sobre Mortalidade. Durante o período de estudo foram registradas 1.505.800 internações e 39.421 mortes por diarréia de crianças menores de um ano de idade. Para as análises das tendências da taxa de internação e de mortalidade foram utilizados modelos de regressão polinomial. RESULTADOS: Houve redução tanto nas internações por diarréia quanto na mortalidade infantil por diarréia no País e em 13 capitais. Oito capitais tiveram queda somente na mortalidade por diarréia, enquanto três apresentaram decréscimo somente nas taxas de internação por diarréia. Na análise conjunta dos indicadores de diarréia e dos indicadores gerais, observou-se que houve decréscimo em todas as séries históricas somente no Brasil e em quatro capitais. CONCLUSÕES: A redução nas taxas de internações e mortalidade por diarréia observada pelas séries temporais podem ser resultado das medidas de prevenção e controle empregadas.OBJETIVO: Analizar la tendencia de las internaciones y de la mortalidad por diarrea en niños menores de un año. MÉTODOS: Fue realizado un estudio ecológico de series temporales entre 1995 y 2005, para Brasil y para las capitales de los estados. Fueron utilizados datos secundarios del Ministerio de la Salud, obtenidos del Sistema de Información Hospitalario y del Sistema de Información sobre Mortalidad. Durante el período de estudio fueron registradas 1.505.800 internaciones y 39.421 muertes por diarrea de niños menores de un año de edad. Para los análisis de las tendencias de la tasa de internación y de mortalidad fueron utilizados

  15. Determinantes globais e locais na emergência de solidariedades sociais: O caso do sector informal nas áreas periurbanas da cidade de Maputo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cruz e Silva

    2012-10-01

    Full Text Available A presente contribuição baseia‑se na análise dos resultados de uma pesquisa sobre solidariedades sociais realizada nas áreas periurbanas da cidade de Maputo. Partindo de um estudo de caso sobre mercados informais, no contexto de uma sociedade onde o Estado se apresenta erodido e manietado para contrariar as consequências das políticas neoliberais e para tornear os modelos de políticas sociais impostos pelas instituições multilaterias como o Banco Mundial e o FMI, este texto coloca no prato da balança as determinantes globais e locais que levam à emergência e/ou desenvolvimento de solidariedades sociais, ao mesmo tempo que avalia os constrangimentos que limitam a sua capacidade de resposta à produção do bem estar, como uma possível alternativa à incapacidade do Estado de prover serviços sociais básicos aos cidadãos.

  16. Determinantes situacionais e individuais da aprendizagem em ensino a distância: desenvolvimento de escala = Situational and individual determinants of learning in distance education: development of scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meneses, Pedro Paulo Murce

    2012-01-01

    Full Text Available A educação a distância, apesar de alternativa para a democratização do acesso ao ensino profissional e acadêmico, carece de estudos que expliquem suas altas taxas de evasão. O presente artigo objetivou construir e validar um instrumento que aborda características dos aprendizes, aspectos contextuais de estudo e outros referentes ao curso, capazes de afetar a permanência do alunado. A escala “Determinantes Situacionais e Individuais da Aprendizagem em Ensino a Distância” foi submetida à validação por juízes e posteriormente, respondida por uma amostra de 323 alunos de um curso de graduação a distância em Administração de uma instituição pública federal de ensino superior. Resultados apontam para uma excelente adequação psicométrica do instrumento, com estrutura unifatorial composta pelos 25 itens originalmente propostos que, associados a cargas fatoriais entre 0,36 a 0,80 e um índice de confiabilidade de 0,94, explicavam aproximadamente 43% da variabilidade do fenômeno de interesse

  17. Modelo de organização de indicadores para operacionalização dos determinantes socioambientais da saúde Model of organization of indicators for operationalizing the social-environmental determinants of health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Sobral

    2010-03-01

    Full Text Available O tema dos determinantes sociais e suas relações com o processo saúde-doença entre diferentes grupos populacionais é de grande relevância para a Saúde Pública e vêm ganhando cada vez mais destaque. Nesse processo, modelos teórico-conceituais vêm sendo adotados para explicar como os determinantes sociais geram iniquidades em saúde, de modo a subsidiar ações voltadas para as "causas das causas" e indicadores relacionados aos diferentes determinantes vêm sendo organizados por meio de metodologias que possibilitem análises integradas. Apesar desses avanços, os problemas ambientais que hoje se constituem em importantes elementos indutores da geração de doenças por meio da degradação dos ecossistemas e das mudanças climáticas têm sido pouco considerados como determinantes ambientais da saúde em conjunto com os sociais. Este artigo tem o objetivo de ampliar as discussões teóricas sobre os determinantes socioambientais da saúde, apresentando, para isso, uma metodologia de organização de indicadores de saúde ambiental denominada Força Motriz-Pressão-Situação-Exposição-Efeito-Ação, a fim de operacionalizar os determinantes sociais da saúde.The theme of social determinants and their relationship to the health-disease process in different population groups is highly relevant to public health and has been attracting increasing attention. In this process, theoretical-conceptual models have been adopted to explain how social determinants generate inequalities in health. Such models aim at supporting measures focusing on 'causes of the causes', while indicators related to different determinants have been organized by means of methodologies that allow integrated analyses. Despite such progress, environmental problems that currently constitute important disease-generating factors through ecosystem degradation and climate changes have received little attention as environmental determinants of health, jointly with social

  18. Impacto familiar e ajustamento de pais de crianças com diagnóstico de anomalia congénita: Influência dos determinantes da criança

    OpenAIRE

    2012-01-01

    INTRODUÇÃO: A ocorrência de diagnóstico pré ou pós-natal de anomalia congênita (AC) num filho pode implicar mudanças na dinâmica e no funcionamento da família, bem como ter um importante impacto no ajustamento individual dos pais. OBJETIVOS: Este estudo teve como objetivos avaliar a sobrecarga parental e ajustamento individual de pais de crianças com diagnóstico de AC e compreender a variabilidade da adaptação dos pais (sobrecarga e ajustamento individual) em função dos determinantes da crian...

  19. COMUNICAÇÃO DO CONHECIMENTO EM DETERMINANTES SOCIAIS DE SAÚDE: UMA REVISÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Barbieri Bedran-Martins

    2013-12-01

    Full Text Available Desde as últimas décadas, podemos observar, tanto na literatura nacional, como na internacional um avanço significativo no estudo das relações entre a maneira como se organiza e se desenvolve uma determinada sociedade e a situação de saúde da população. Os Determinantes Sociais de Saúde (DSS assim como as propostas de promoção da saúde remetem necessariamente à reflexão sobre a dinâmica social visto que está voltada para a transformação das condições de vida, o que indica a pertinência de reflexão sobre seu tema. Esse estudo teve por objetivo identificar a produção científica em DSS na Faculdade de Saúde Pública (FSP da Universidade de São Paulo (USP, no período de 2004 a 2008, e apontar as áreas de interesse e tendências desse campo de estudo. A metodologia empregada foi a de uma revisão qualitativa realizada a partir de um levantamento de dados na consulta às seguintes bases de dados SCIELO e a na Biblioteca Virtual em Saúde. A análise da produção científica sobre DSS na FSP-USP permitiu mapear e ter uma visão abrangente da produção científica e das temáticas que têm direcionado os estudos sobre esta questão tão importante para a área da promoção da saúde. Os temas mais abordados nas produções científicas são iniquidade em relação ao acesso aos serviços sociais de saúde, ambiente de trabalho, comportamento e estilo de vida, água e esgoto e habitação. E os temas trabalhados em menor quantidade foram renda e redes sociais.

  20. Tendência da mortalidade por doenças do aparelho circulatório no Brasil: 1950 a 2000 Tendencia de la mortalidad por enfermedades del aparato circulatorio en Brasil: 1950 a 2000 Mortality trends due to circulatory system diseases in Brazil: 1950 to 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduarda Ângela Pessoa Cesse

    2009-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças do aparelho circulatório (DAC, um dos mais importantes problemas de saúde da atualidade, apesar de proporcionalmente ainda liderarem as estatísticas de morbi-mortalidade, começam a apresentar tendência declinante da mortalidade em diversos países. OBJETIVO: Analisar a tendência da mortalidade por DAC nas capitais brasileiras, no período de 1950 a 2000. MÉTODOS: Estudo de série temporal das razões de mortalidade padronizadas por DAC. Utilizamos dados secundários de óbitos dos anuários estatísticos do IBGE e do Sistema de Informação de Mortalidade. Realizamos análise de tendência linear das razões de mortalidade padronizadas por DAC nas capitais brasileiras que apresentaram séries completas de mortalidade, considerando os anos censitários do período do estudo (1950 a 2000. RESULTADOS: Apesar de proporcionalmente as DAC representarem a primeira causa de óbito na população brasileira, bem como apresentarem crescimento proporcional no período de análise deste estudo, o risco de óbito, representado pelas razões de mortalidade padronizadas, apresenta-se em decréscimo, particularmente a partir da década de 80. Destacam-se as cidades de Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, que apresentam razões de mortalidade padronizadas elevadas, porém em decréscimo (p FUNDAMENTO: Las enfermedades del aparato circulatorio (EAC, uno de los problemas más importantes de salud de la actualidad, pese a que aún lideran proporcionalmente las estadísticas de morbimortalidad, comienzan a mostrar una tendencia declinante en la mortalidad en diversos países. OBJETIVO: Analizar la tendencia de la mortalidad por EAC en las capitales brasileñas, en el período de 1950 a 2000. MÉTODOS: Estudio de serie temporal de las razones de mortalidad estandarizadas para EAC. Utilizamos datos secundarios de óbitos de los anuarios estadísticos del IBGE y del Sistema de Información de Mortalidad

  1. Tendência da mortalidade por câncer nas capitais e interior do Brasil entre 1980 e 2006 Tendencia de la mortalidad por cáncer en las capitales e interior de Brasil entre 1980 y 2006 Cancer mortality trends in Brazilian state capitals and other municipalities between 1980 and 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulnar Azevedo e Silva

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência corrigida da mortalidade geral por câncer e principais tipos nas capitais e demais municípios do Brasil entre 1980 e 2006. MÉTODOS: Os dados sobre óbitos (n = 2.585.012 decorrentes de câncer entre 1980 e 2006 foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os demográficos, no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As taxas de mortalidade geral por câncer e principais tipos foram corrigidas redistribuindo proporcionalmente 50% das mortes mal definidas e padronizando-as por idade segundo população padrão mundial. As curvas de tendência para o Brasil e grandes regiões foram calculadas para capitais e demais municípios segundo sexo e avaliadas por meio de regressão linear simples. RESULTADOS: Entre os homens, as taxas de mortalidade para os cânceres de pulmão, próstata e colo-retal foram ascendentes; declinantes para o de estômago e estáveis para o de esôfago. Entre as mulheres, houve aumento da mortalidade por câncer de mama, pulmão e colo-retal; e diminuição das taxas para os cânceres de colo do útero e de estômago. A evolução da mortalidade variou entre as regiões do País, com padrões distintos entre as capitais e demais municípios. CONCLUSÕES: A correção das taxas de mortalidade com redistribuição dos óbitos mal definidos aumentou a magnitude da mortalidade geral por câncer no Brasil em cerca de 10% em 1980 e 5% em 2006. Nos municípios do interior não se observou tendência à queda ou estabilidade como nas capitais. Menor alcance das ações de prevenção e a dificuldade de acesso a serviços de diagnóstico e tratamento para câncer para a população residente fora dos grandes centros urbanos podem explicar, em parte, essas diferenças.OBJETIVO: Analizar la tendencia corregida de la mortalidad general por cáncer y principales tipos en las capitales y demás municipios de Brasil entre 1980 a 2006. MÉTODOS: Los datos sobre óbitos (n= 2

  2. Partitioning evolutive standard base excess determinants in septic shock patients Determinantes da evolução do standard base excess em pacientes com choque séptico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Park

    2007-12-01

    Full Text Available BACKGROUND AND OBJECTIVES: The amount of metabolic acidosis measured through the standard base excess (SBE has been shown to be an outcome marker and its improvement has been associated with better survival. We studied the mechanism of standard base excess variation in the first three days of intensive care unit (ICU stay through the evaluation of independent variables of physico-chemical approach. METHODS: Data were retrieved from our prospective collected data base from patients with diagnosis of septic shock, daily up to the third day after the ICU admission. Single correlations between SBE and independent variables were performed as well as a mathematical multilinear model was built to disclose the SBE variation determinants. RESULTS: We have shown that in septic shock patients the standard base excess variation during the first three days of ICU stay is weakly correlated to strong ion gap (SIG, lactate, creatinin and PaCO2 when individually analyzed. Analyzing concomitantly those independent variables, we built a mathematical model with a stepwise multilinear regression composed by apparent strong ion difference (SIDa, SIG, PaCO2, albumin and diuresis that resulted in a R² coefficient of 0.866 to determine SBE variation. CONCLUSIONS: Variations of metabolic acidosis measured through the standard base excess in septic shock patients when analyzed until the third day after intensive care unit admission, is resultant of interaction of several independent determinants as PaCO2, diuresis, SIG, SIDa and albumin.JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A acidose metabólica diagnosticada pela mensuração do standard base excess (SBE é indicadora de maior mortalidade e sua melhora temporal é associada à maior sobrevida em pacientes críticos. O objetivo deste estudo foi esclarecer o mecanismo de variação do SBE, em pacientes com choque séptico, durante os três primeiros dias de internação na unidade de terapia intensiva (UTI, através da avaliação f

  3. RESFRIAMENTO DA COBERTURA DE AVIÁRIOS E SEUS EFEITOS NA MORTALIDADE E NOS ÍNDICES DE CONFORTO TÉRMICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Zolnier

    2012-12-01

    da aspersão de água armazenada durante o período chuvoso, sendo denominado de Sistema de Resfriamento de Cobertura Sustentável (SRCS. Para avaliação do sistema SRCS, foram utilizadosseis galpões comerciais, os quais foram climatizados com ventilação forçada em modo túnel (pressão negativa e sistema de resfriamento por nebulização interna. Em três destes galpões foi implementado o resfriamento adicionalda cobertura (SRCS e nas três instalações restantes foi utilizado apenas o sistema convencional de climatização (SCC especificado anteriormente. Durante o período compreendido entre o 21º e o 42º dia de vidas das aves, foram quantificados três índices de conforto térmico (índice de temperatura de globo negro e umidade, carga térmica de radiação e entalpia específica do ar e a mortalidade dos animais. Os resultados indicaram que o resfriamento adicional da cobertura reduziu, significativamente, a mortalidade das aves na última semana de vida, fato que foi considerado como uma das maiores vantagens do sistema. Com os resultados obtidos foi ajustado os parâmetros de um modelo estatístico exponencial que permite estimar a mortalidade dos animais a partir do 21° dia de vida, para os sistemas SRCS e SCC, em função da idade das aves e entalpia específica do ar.

  4. Valor preditivo da frequência cardíaca em repouso do teste ergométrico na mortalidade Valor predictivo de la frecuencia cardíaca en reposo del test ergométrico en la mortalidad Predictive value of resting heart rate for cardiovascular and all-cause mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Eilert Fagundes

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A frequência cardíaca em repouso (cuja média está entre 60 e 80 bpm é uma das mais simples variáveis cardiovasculares e tem sido considerada como um preditor de mortalidade cardiovascular e geral. OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo da frequência cardíaca em repouso (FCR, antes do teste ergométrico (TE, na mortalidade cardiovascular (CV e geral. MÉTODOS: Estudo de caso-controle, que utilizou informações contidas nos bancos de dados do laboratório de ergometria de um hospital especializado em cardiologia e os registros de óbitos da Secretaria da Saúde em uma cidade do sul do Brasil, de janeiro de 1995 a junho de 2007. Foram analisados 7.055 pacientes, sendo 1.645 (23,3% do grupo caso (óbitos e 5.410 (76,7% do grupo controle (vivos. Foi calculado o ponto de corte da FCR para mortalidade, através da curva ROC e realizada a análise multivariada para as variáveis selecionadas. Os desfechos foram mortalidade CV e geral. RESULTADOS: A incidência de mortalidade CV foi de 674 casos (9,5%; a FCR > 78 bpm foi o ponto de corte. Após ajustado para as variáveis selecionadas, o odds ratio (OR para FCR > 78 bpm foi de 3,5 (IC 95% = 2,9 - 4,2 para mortalidade CV e 3,6 (IC 95% = 3,2 - 4,0 para mortalidade geral. CONCLUSÃO: A FCR > 78 bpm é um preditor independente de mortalidade cardiovascular e geral.FUNDAMENTO: La frecuencia cardíaca en reposo (cuya media está entre 60 y 80 lpm es una de las más simples variables cardiovasculares y ha sido considerada como un predictor de mortalidad cardiovascular y general.' OBJETIVO: Evaluar el valor predictivo de la frecuencia cardíaca en reposo (FCR, antes del test ergométrico (TE, en la mortalidad cardiovascular (CV y general. MÉTODOS: Estudio de caso-control, que utilizó informaciones contenidas en los bancos de datos del laboratorio de ergometría de un hospital especializado en cardiología y los registros de óbitos de la Secretaría de Salud en una ciudad del sur del Brasil

  5. Análise da sobrevida e fatores associados à mortalidade em receptores de transplante renal em Hospital Universitário no Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Gomes de Oliveira

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O transplante renal (TR é considerado como a melhor terapia para a Doença Renal Crônica (DRC. Fatores associados à sobrevida dos receptores de TR devem ser avaliados tendo em vista a implementação de condutas adequadas no manejo desses pacientes. OBJETIVOS: Analisar a sobrevida de receptores de TR e fatores associados à sua mortalidade. MÉTODOS: Estudo observacional de coorte, retrospectivo, com todos os 215 pacientes submetidos a TR no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão-HUUFMA, entre 18 de março de 2000 e 18 de setembro de 2008, com seguimento mínimo de 12 e máximo de 101 meses. Características demográficas e clínicas dos pacientes foram observadas. Utilizou-se o método Kaplan-Meier para construção das curvas de sobrevida do paciente, sendo as mesmas comparadas pelo teste log-rank. O modelo de riscos proporcionais de Cox identificou fatores associados à mortalidade. RESULTADOS: A prevalência de óbito no período foi de 10,6%. A sobrevida de 1, 3 e 5 anos com doadores vivos foi de 97,8%, 94,1% e 92,9%, respectivamente, e com doadores falecidos, 95,6% e 95,6% para 1 e 3 anos, respectivamente. Foram fatores associados à menor sobrevida do paciente: idade > 40 anos (RR = 6,19; p = 0,001; IC 95% = 2,01-18,99 e intercorrência cirúrgica (RR = 4,98; p = 0,041; IC 95% = 1,07-23,27. CONCLUSÕES: As taxas de sobrevida do receptor de TR no HUUFMA foram semelhantes àquelas encontradas em outros trabalhos, nacionais e internacionais. Idade do receptor acima de 40 anos e intercorrências cirúrgicas foram significantemente associados à mortalidade do paciente neste estudo.

  6. Tendência temporal da mortalidade por homicídios na cidade de São Paulo, Brasil, 1979-1994

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Barradas Barata

    Full Text Available Estudou-se a tendência da mortalidade por homicídios segundo sexo e idade na cidade de São Paulo entre 1979 e 1994, utilizando modelos de ajuste de tendência temporal selecionados com base na significância de beta e valor de R², e análise de resíduos pela técnica de box and whisker plot. A mortalidade por homicídios em São Paulo passou de 12,2 óbitos por 100.000 hab. em 1979 para 34,2 em 1994, apresentando crescimento linear de 1,17 ao ano. O mesmo comportamento é observado em ambos os sexos, embora as taxas para os homens sejam cerca de 14 vezes maiores, denotando a deterioração das condições de vida urbana. Tanto os menores de dez anos como os maiores de 60 anos apresentam taxas constantes no período em valores relativamente baixos. O grupo de 10 a 19 anos apresenta crescimento das taxas segundo o modelo multiplicativo (incrementos 132,55. Os adultos jovens de 20 a 39 anos apresentam taxas crescentes durante todo o período, segundo o modelo linear, enquanto os adultos de 40 a 59 anos apresentam crescimento segundo o modelo recíproco. Observa-se, assim, que cada grupo de idade e sexo apresenta tendência temporal peculiar no período considerado.

  7. Confiabilidade da causa basica de obito por cancer entre Sistema de Informacoes sobre Mortalidade do Brasil e Registro de Cancer de Base Populacional de Goiania, Goias, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Pereira Vasconcelos de Oliveira

    2014-02-01

    Full Text Available O presente estudo avaliou a confiabilidade das causas básicas de óbito por câncer por meio do relacionamento probabilístico entre Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM e Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP de Goiânia, Goiás, Brasil, entre 2000 e 2005. Foi utilizado o RecLink III para o relacionamento e a confiabilidade foi avaliada pela utilização do coeficiente Kappa de Cohen e o ajustado por prevalência e viés discórdia marginal (prevalence- adjusted and bias-ajusted kappa – PABAK. Foram identificados 2.874 indivíduos no relacionamento para análise da confiabilidade. O kappa bruto variou de 0,336 a 0,846 e o ajustado por prevalência de 0,810 a 0,990 para os 14 grupos de neoplasias. Para os 35 principais cânceres, 12 (34,3% deles apresentaram valores de kappa bruto abaixo de 0,600 e PABAK de 0,981. Entre as principais neoplasias comuns entre os sexos, a concordância bruta variou em 0,672 e 0,790; a ajustada entre 0,894 e 0,961. Foram reclassificadas 67% de câncer de localização mal definida no SIM com as informações do RCBP. Este estudo mostrou-se útil para a qualificação das estimativas de mortalidade por câncer em áreas cobertas por RCBP.

  8. Análise da tendência da mortalidade por acidente vascular cerebral no Brasil no século XXI Analysis of the mortality trend due to cerebrovascular accident in Brazil in the XXI century

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Regina Garritano

    2012-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Embora seja mundialmente a segunda principal causa de óbitos, o Acidente Vascular Cerebral (AVC vem apresentando uma importante redução das taxas de mortalidade nas últimas décadas. OBJETIVO: Avaliar a tendência da taxa de mortalidade por acidente vascular cerebral no Brasil, em ambos os sexos, a partir dos 30 anos de idade, entre 2000 e 2009. MÉTODOS: Os dados populacionais foram obtidos no banco de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e os óbitos, por meio do Sistema de Informações sobre Mortalidade da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, sendo incluídos os códigos I60 a I69 de acordo com a 10ª Classificação Internacional de Doenças. Foi calculada a incidência de óbitos/1.000 habitantes, as taxas de mortalidade bruta e padronizada/100.000 habitantes. A modelagem da tendência das taxas foi feita com modelos de regressão. RESULTADOS: Observou-se um aumento na incidência de óbitos até 2006, seguindo-se um declínio até 2009, quando ocorreu a incidência mínima. Comparando os anos 2000 e 2009, nota-se uma tendência de queda da taxa de mortalidade padronizada em ambos os sexos (masculino = -14,69%; feminino = -17% e no total (-14,99%, com oscilações no período. Entre 30 e 49 anos em ambos os sexos, houve uma tendência de redução contínua e linear da taxa de mortalidade, enquanto os demais grupos etários apresentaram uma função curvilínea, culminando com uma efetiva diminuição dos valores. CONCLUSÃO: Houve uma tendência de queda na taxa de mortalidade em todas as faixas etárias e em ambos os sexos. A redução da taxa de mortalidade bruta foi mais acentuada no sexo masculino, enquanto a taxa de mortalidade padronizada mostrou uma maior redução no sexo feminino.BACKGROUND: Although it is the second leading cause of deaths worldwide, the cerebrovascular accident (CVA has shown a significant reduction in mortality rates in recent decades. OBJECTIVE: To

  9. Um Estudo dos Determinantes da Decisão dos E-consumidores de Comprarem no Comércio Eletrônico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Harrison Bachion Ceribeli

    2015-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar e categorizar os antecedentes que explicam a decisão dos e-consumidores de adotarem o comércio eletrônico para realizarem suas compras. Para tanto, realizou-se uma pesquisa quantitativa com 310 pessoas, estratificadas por quotas, dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Os dados coletados foram analisados por meio de Modelagem de Equações Estruturais e o modelo proposto foi validado estatisticamente. Entre os principais resultados, destaca-se a identificação de quatro categorias de determinantes que levam à adoção do comércio eletrônico: funcional, hedônica, situacional e confiabilidade. A principal contribuição desta pesquisa reside no esforço dos autores de criar um modelo para explicar a adoção do comércio eletrônico sob a perspectiva dos indivíduos, favorecendo a redução da lacuna teórica atualmente existente no que se refere ao estudo do e-consumidor.

  10. Tendência da mortalidade por suicídio na população brasileira e idosa, 1980-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília de Souza Minayo

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a mortalidade por suicídio no Brasil, com destaque para a população idosa. MÉTODOS: Análise temporal e estudo de tendência por regressão polinomial de suicídios na população acima de dez anos no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro de 1980 a 2006. Os dados foram extraídos do Sistema de Informações sobre Mortalidade e as taxas, calculadas segundo sexo e faixa etária, considerando-se a população residente fornecida pelo Datasus por 100 mil habitantes. Para os anos de 1980 a 1995, utilizou-se a nona revisão da Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, e para 1996 a 2006, a décima revisão. RESULTADOS: Crescimento significativo foi observado nas taxas de suicídio na população brasileira e no Rio de Janeiro (5,7 e 3,1 para cada 100 mil habitantes, respectivamente em 2006. Esse incremento ocorreu pelo aumento dos suicídios na população masculina em todas as idades. A curva crescente aconteceu principalmente entre homens maiores de 60 anos. O incremento não foi estatisticamente significativo entre homens e houve decréscimo entre mulheres no Rio de Janeiro. Os principais meios de suicídio utilizados pelos homens foram enforcamento, sufocação, estrangulamento e armas de fogo. Para as mulheres, o enforcamento também ocupou a primeira posição, seguido pela ingestão de substâncias, atiramento ao fogo e precipitação de altura. A elevada taxa de indefinição dos meios ressaltou problemas na qualidade dos dados. CONCLUSÕES: Suicídios são eventos significantes na população masculina, sobretudo entre homens idosos, ao longo do tempo. No Rio de Janeiro, as taxas entre homens idosos também são maiores, mas não estatisticamente significantes. Segundo a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde, o suicídio é passível de prevenção e existem cuidados preconizados para cada grupo etário.

  11. Age transition of tuberculosis incidence and mortality in Brazil Transição etária da incidência e mortalidade por tuberculose no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Chaimowicz

    2001-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: Before the Aids pandemic, demographic transition and control programs prompted a shift in the age of incidence of tuberculosis from adults to older people in many countries. The objective of the study is to evaluate this transition in Brazil. METHODS: Tuberculosis incidence and mortality data from the Ministry of Health and population data from the Brazilian Bureau of Statistics were used to calculate age-specific incidence and mortality rates and medians. RESULTS: Among reported cases, the proportion of older people increased from 10.5% to 12% and the median age from 38 to 41 years between the period of 1986 and 1996. The smallest decrease in the incidence rate occurred in the 30--49 and 60+ age groups. The median age of death increased from 53 to 55 years between 1980 and 1996. The general decline in mortality rates from 1986 to 1991 became less evident in the 30+ age group during the period of 1991 to 1996. A direct correlation between age and mortality rates was observed. The largest proportion of bacteriologically unconfirmed cases occurred in older individuals. CONCLUSIONS: The incidence of tuberculosis has begun to shift to the older population. This shift results from the decline in the annual risk of infection as well as the demographic transition. An increase in reactivation tuberculosis in older people is expected, since this population will grow from 5% to 14% of the Brazilian population over the next 50 years. A progressive reduction in HIV-related cases in adults will most likely occur. The difficulty in diagnosing tuberculosis in old age leads to increased mortality.OBJETIVO: Antes da pandemia de Aids, a transição demográfica e os programas de controle estavam deslocando a incidência da tuberculose de adultos para idosos em diversos países. O objetivo do estudo é determinar se essa transição tem ocorrido no Brasil. MÉTODOS: Dados de incidência de tuberculose e de mortalidade decorrente dessa doença, derivados

  12. Mortalidade hospitalar na cirurgia de reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homeonxerto pulmonar Hospital mortality in surgery for reconstruction outflow right ventricle with pulmonary homograft

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Weirich Lenzi

    2010-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Mortalidade hospitalar na cirurgia de reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homoenxerto pulmonar é variável. OBJETIVOS: Identificar os fatores de risco associados à mortalidade hospitalar e ao perfil clínico dos pacientes. MÉTODOS: Estudo de crianças submetidas à reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homoenxerto pulmonar. Analisados como fatores de risco as variáveis clínicas, cirúrgicas e de aspectos morfológicos da prótese. RESULTADOS: Noventa e dois pacientes foram operados entre 1998 e 2005, apresentando principalmente atresia pulmonar com comunicação interventricular e a tetralogia de Fallot. Quarenta pacientes foram atendidos no primeiro mês de vida. Necessitaram de 38 cirurgias de Blalock Taussig devido à gravidade clínica. A idade mediana na cirurgia de correção total foi de 22 meses, variando de 1 mês a 157 meses. O tamanho homoenxerto pulmonar variou de 12 a 26 mm e o tempo de extracorpórea foi 132 ± 37 minutos. Após a cirurgia houve 17 óbitos (18% casos, em média 10,5 ± 7,5 dias após. A causa predominante foi falência de múltiplos órgãos. Na análise univariada entre os tipos de cardiopatia, estas deferiram na idade, momento da cirurgia, tamanho do homoenxerto, valor Z da valva pulmonar, tempo de circulação extracorpórea, manutenção da integridade do homoenxerto e alteração da árvore pulmonar. Não houve diferença estatística com relação à mortalidade hospitalar entre as variáveis e o tipo de cardiopatia. CONCLUSÃO: As cardiopatias obstrutivas do lado direito necessitam de atendimento cirúrgico nos primeiros dias de vida. A cirurgia de correção total apresenta risco de mortalidade de 18%, mas não houve associação com nenhuma variável estudada.BACKGROUND: Hospital mortality for surgical reconstruction of the outflow of the right ventricle with pulmonary homograft is variable. OBJECTIVES: To identify risk factors associated with

  13. Estudo da mortalidade na fratura do fêmur proximal em idosos Study of the proximal femoral fractures mortatlity in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Hideyo Sakaki

    2004-12-01

    Full Text Available Foi feito um estudo de revisão sobre a mortalidade na fratura do fêmur proximal em idosos com base nas publicações mais relevantes do período de 1998 a 2002. Foram incluídos 25 artigos relacionados ao assunto, selecionados com base nos bancos de dados Medline e Cochrane, totalizando 24.062 pacientes com mais de 60 anos de idade, que tiveram fratura do fêmur proximal. Quatorze estudos foram prospectivos, oito retrospectivos e três revisões sistemáticas. As taxas médias de mortalidade foram de 5,5% durante a internação hospitalar, 4,7% ao fim de um mês de seguimento, 11,9% com três meses, 10,8% com seis meses, 19,2% com um ano e 24,9% com dois anos. Foram identificados quatro fatores intimamente relacionados com uma maior mortalidade nestes pacientes: idade avançada, grande número de doenças associadas, sexo masculino e presença de deficiências cognitivas. Outros fatores mostraram uma fraca correlação com a mortalidade como capacidade deambulatória prévia, índice de risco anestésico da Sociedade Americana de Anestesia (ASA, anemia, hipoalbuminemia, linfopenia e existência de AVC prévio. Os fatores como tempo prévio à cirurgia, tipo de anestesia utilizada e tipo de osteossíntese empregada não mostraram ter interferência.A revision study was performed on the proximal femoral fractures mortality in elderly patients, based on the most relevant publications during the 1998 to 2002 period. Twenty-five articles related to the subject were included, selected from the Medline and Cochrane databases, totaling 24.062 patients over the age of 60 years, with fracture of the proximal femur. There were 14 prospective trials, 8 retrospective and 3 were systematic reviews. The mean in-hospital mortality was 5,5%, 1-month mortality 4,7%, 3-months 11,9%, 6-months 10,8%, 1-year 19,2% and 2-years 24,9%. Four factors were identified in these patients closely related with a larger number of deaths: advanced age, polymorbidity, male

  14. Vacina contra o vírus da influenza e mortalidade por doenças cardiovasculares na cidade de São Paulo Vacuna contra el virus de la Influenza y mortalidad por enfermedades cardiovasculares en la Ciudad de São Paulo Vaccination against the influenza virus and mortality due to cardiovascular diseases in the city of Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio de Padua Mansur

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A influência da vacinação contra o vírus da gripe na mortalidade por doenças cardiovasculares (DCV é controversa. OBJETIVO: Analisar a mortalidade por DCV antes e depois do início da vacinação contra a gripe na cidade de São Paulo. MÉTODOS: Analisou-se a mortalidade por doenças isquêmicas do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCbV e por causas externas (CE na população da região metropolitana de São Paulo com idade > 60 anos, antes e depois do programa de vacinação contra a gripe. As estimativas da população e os dados de mortalidade foram, respectivamente, obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE; www.ibge.gov.br e do Ministério da Saúde (www.datasus.gov.br para o período entre 1980 e 2006. O risco de morte foi ajustado pelo método direto, em que se utilizou a população padrão (mundial referente a 1960. RESULTADOS: As comparações entre as inclinações das linhas de regressão foram semelhantes para as DCbV (p = 0,931 e CE (p = 0,941, porém, para as DIC (p = 0,022, observou-se significativa redução da linha do período pós-vacina quando comparada com a linha do período pré-vacina. Mudança na tendência da mortalidade após 1996 foi significativa somente para as DIC (p = 0,022, permanecendo inalterada para as DCbV (p = 0,931 e CE (p = 0,941. CONCLUSÃO: A vacinação contra a gripe associou-se a significativa redução da mortalidade por DIC.FUNDAMENTO: La influencia de la vacunación contra el virus de la gripe en la mortalidad por enfermedades cardiovasculares (ECV es controvertida. OBJETIVO: Analizar la mortalidad por ECV antes y después del inicio de la vacunación contra la gripe en la ciudad de São Paulo. MÉTODOS: Se analizó la mortalidad por enfermedades isquémicas del corazón (EIC, enfermedades cerebrovasculares (ECbV y por causas externas (CE en la población de la región metropolitana de São Paulo con edad > 60 años, antes y después del

  15. Estudo comparativo da mortalidade cardiovascular e por neoplasia de Adventistas e Não Adventistas do Estado do Espírito Santo, no período de 2003 a 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Regina Araújo Oliveira

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: Introdução: Populações com hábitos de saúde mais saudáveis têm sido investigadas quanto ao seu padrão de ocorrência de doenças. Objetivo: Este estudo teve o objetivo de avaliar os padrões de mortalidade geral e por doenças cardiovasculares em Adventistas do Sétimo Dia (ASDs do Estado do Espírito Santo (ES, Brasil, e compará-los com a mortalidade pelas mesmas causas na população do Estado. Métodos: Foram investigados 14.519 Adventistas vivos e 995 falecidos com idade ≥ 30 anos no período de 2003 a 2009. Entre esses, 896 óbitos registrados foram confirmados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM do Ministério da Saúde. Foram calculadas as razões padronizadas de mortalidade (RPM com o método indireto, tendo como população padrão a população ≥ 30 anos de idade do Estado. Resultados: Os Adventistas apresentaram taxas mais baixas de mortalidade geral, 42,5% menor em relação à população do ES (RMP = 57,5; IC95% 47,8 - 68,2, 52,2% menor por doenças isquêmicas do coração (RMP = 48; IC95% 25,0 - 82,8 e 46,3% menor por doenças cerebrovasculares (RMP = 54; IC95% 30,4 - 87,8. Conclusão: Hábitos saudáveis dos Adventistas em relação a dieta, tabagismo e consumo de álcool podem ter influenciado suas taxas de mortalidade mais baixas.

  16. Efeitos da oxigenoterapia hiperbárica em ratos submetidos à ligadura das veias hepáticas: avaliação da mortalidade e da histologia do fígado e baço

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Costa-Val Ricardo

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos da oxigenoterapia hiperbárica em ratos submetidos a ligadura das veias hepáticas quanto a mortalidade dos animais e alterações na histologia do fígado e baço. MÉTODOS: Foram utilizados 30 animais machos adultos da espécie Holtzman, distribuídos aleatoriamente, em dois grupos de 15 animais cada, assim designados: grupo 1 - ligadura das veias hepáticas; grupo 2 - ligadura das veias hepáticas associada à oxigenoterapia hiperbárica. Todos os animais foram submetidos à anestesia geral por meio de solução contendo cloridrato de cetamina (40 mg/ml e cloridrato de meperidina (10 mg/ml na dose de 50 mg/Kg/peso, laparotomia mediana e ligadura das veias hepáticas. A oxigenoterapia hiperbárica foi aplicada nos animais do grupo 2, a partir da oitava hora do pós-operatório, por 120 minutos, sendo 90 minutos sob pressão de 2,5 atmosferas e 15 minutos no início e final da terapêutica, para promover a compressão e descompressão gradativa no período de 20 dias consecutivos. No 21degrees dia de pós-operatório, os animais foram mortos por inalação de éter, submetidos à laparotomia e extirpação dos fígados e baços para exame histológico. Foi comparada a evolução dos animais dos dois grupos quanto à mortalidade e histologia do fígado e do baço, aplicando-se o teste exato de Fisher, considerando-se a diferença significante o valor de p<0,05. RESULTADOS: Ocorreram sete (46,67% mortes nos animais do grupo 1 e nenhuma morte nos animais do grupo 2. Os exames histológicos dos fígados e baços dos animais dos grupos 1 e 2 mostraram as seguintes alterações: trombose nas veias hepática, porta e centro-lobular estavam presentes em cinco (33,3% animais do grupo 1 e ausente no grupo 2; necrose dos hepatócitos caracterizada como acentuada em sete (46,7% e como leve em oito (53,3% animais do grupo 1, enquanto em todos os animais do grupo 2 esta alteração foi caracterizada como leve; presença de c

  17. Fatores Determinantes da Propensão ao Consumo de Cirurgias Plásticas Estéticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mateus Canniatti Ponchio

    2013-12-01

    Full Text Available O presente estudo analisa o consumo de cirurgias plásticas com finalidade estética entre as consumidoras de São Paulo e Recife, duas grandes cidades brasileiras que possuem características econômicas, demográficas e culturais distintas. Nesse contexto, os objetivos são compreender a influência do materialismo, da autoestima e de variáveis de controle sobre a decisão de realizar uma cirurgia plástica estética. Um questionário foi elaborado com perguntas fechadas e aplicado pela Internet, resultando em dados disponíveis para análise de 347 respondentes. Com 173 moradoras de São Paulo e 174 de Recife, constatou-se que a cidade da respondente não ajuda a discriminar a probabilidade de que efetue uma cirurgia plástica com finalidade estética; por outro lado, a dimensão ‘influências sociais’ da escala de autoestima, bem como o nível de materialismo e a idade das respondentes provaram-se variáveis preditoras significantes desse tipo de consumo. Por fim, são apresentadas implicações gerenciais e acadêmicas dos achados desse estudo, bem como possibilidades para novas investigações. DOI: 10.5585/remark.v12i4.2511

  18. Determinantes da autoavaliação de saúde no Brasil e a influência dos comportamentos saudáveis: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celia Landmann Szwarcwald

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Investigar os determinantes da autoavaliação de saúde (AAS no Brasil e a influência dos comportamentos saudáveis. Métodos: Foram usados os dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS de 2013. A AAS foi categorizada em muito boa/boa, regular, ruim/muito ruim. Foram testadas diferenças na distribuição da AAS segundo faixa de idade e sexo e foram usados modelos de regressão logística para investigar os efeitos de grau de escolaridade, raça/cor e presença de pelo menos uma doença crônica não transmissível (DCNT sobre a AAS ruim/muito ruim. Adicionalmente, testou-se a influência dos comportamentos saudáveis, controlando-se os efeitos dos fatores sociodemográficos e presença de pelo menos uma DCNT. Resultados: Foram analisados 60.202 indivíduos, 66,1% avaliaram o seu estado de saúde como muito bom/bom, e 5,9%, como ruim/muito ruim; 47,1% referiram o diagnóstico de pelo menos uma DCNT; e apenas 9,3% disseram ter "estilo de vida saudável" (não usa produtos de tabaco, consome frutas e hortaliças e pratica atividade física no lazer. Entre os fatores sociodemográficos, idade, sexo, grau de escolaridade e raça mostraram associações significativas com a AAS, bem como a presença de pelo menos uma DCNT. Os efeitos de todos os comportamentos saudáveis foram significativos, mesmo após o controle dos demais determinantes. Conclusão: Embora a adoção dos comportamentos saudáveis no Brasil ainda seja insuficiente, a associação dos hábitos saudáveis com a percepção da saúde encontrada neste estudo é um indício de que a população brasileira já começa a relacionar os comportamentos saudáveis ao seu bem-estar e à avaliação melhor da saúde.

  19. Distribuição da mortalidade por acidentes de trânsito no município do Rio de Janeiro Distribución de la mortalidad por accidentes de tránsito en la ciudad de Rio de Janeiro Distribution of the mortality by traffic accidents in the city of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana dos Passos Gomes

    2007-06-01

    Full Text Available Este estudo descreveu a evolução da taxa de mortalidade por acidentes de trânsito e analisou sua distribuição espacial no Município do Rio de Janeiro. Foram analisados dados sobre mortalidade por causas externas ocorridos no período de janeiro de 1996 a dezembro de 2004 utilizando-se dados do Sistema de Informação de Mortalidade. A análise foi feita com a utilização do programa TABWIN, software desenvolvido pelo DATASUS que facilita a construção de indicadores de mortalidade. Pôde-se observar uma queda significativa no coeficiente de mortalidade por acidentes de trânsito no período analisado, que parece estar relacionada à implantação do novo Código de Trânsito Brasileiro (21,4 - 8,7/100.000 habitantes. A população de adulto-jovens do sexo masculino mostrou-se largamente atingida (40,6%, e o tipo de acidente mais freqüente foi o atropelamento (65%. Os dados obtidos indicam a necessidade premente de se empreenderem ações preventivas para o trânsito, através de ações intersetoriais.Este estudio describió la evolución de la tasa de mortalidad por accidentes de tránsito y analizó su distribución espacial en la ciudad del Rio de Janeiro. Fueran analizados datos sobre mortalidad por causas externas ocurridos en el periodo de enero de 1996 a diciembre de 2004 usando datos del Sistema de Información de Mortalidad. El análisis fue hecho con la utilización del programa TABWIN, software desarrollado por el DATASUS que facilita la construcción de indicadores de mortalidad. Fue posible observar un declive significativo en el coeficiente de mortalidad por accidentes de tránsito en el periodo analizado, lo cual parece estar relacionado a la implantación del nuevo Código de Tránsito Brasileño (21,4 - 8,7/100.000 habitantes. La población de adulto-jovenes del sexo masculino se mostró anchamente alcanzada (40,6%, y el tipo de accidente más frecuente fue el atropello (65%. Los datos obtenidos indican la necesidad

  20. A organização da Enfermagem do HC-UFPR: refletindo sobre seus determinantes La organización de la Enfermería en lo HC-UFPR: reflexionando sobre los determinantes historicos The organization of Nursing in the HC-UFPR: reflecting about historical determinations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth Bernardino

    2006-04-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo identificar os determinantes históricos que influenciaram a enfermagem do HC-UFPR e os modelos gerenciais utilizados nos seus diferentes momentos históricos. Trata-se de uma pesquisa retrospectiva, cujos dados foram coletados por meio de entrevista com personagens que vivenciaram esses momentos. Estes dados foram categorizados por períodos históricos, assim como, os respectivos modelos de organização e, posteriormente, analisados à luz do paradigma materialista. Como resultado final, o trabalho apresenta as várias formas de organização da enfermagem do Hospital, segundo os determinantes de cada momento histórico e algumas considerações acerca da inserção da enfermagem no modelo atualmente implantado.El presente estudio tuvo como objetivo identificar los determinantes históricos que influenciaron la enfermería del HC-UFPR y los modelos gerenciales utilizados en los diferentes momentos históricos. Es una investigación retrospectiva, cuyos datos fueran colectados por entrevista con personajes que vivenciaran eses momentos. Eses datos fueran agrupados por temas e por períodos históricos, así como, los respectivos modelos de organización y, posteriormente, analizados à luz del paradigma materialista. Como resultado final, el estudio presenta las varias formas de organización de la enfermería del Hospital, según los determinantes de cada momento histórico y algunas consideraciones acerca de la inserción de la enfermería en el modelo actualmente implantado.The present study aimed at identifying the historical determinants that influenced nursing from the HC-UFPR, and the managerial models used in its different historical moments. This is a retrospective research which data was collected by interviews with people who lived in those occasions. The data was categorized in historical periods and their respective models of organization. Afterwards the data was analyzed by the materialistic

  1. Determinantes da aderência à terapia anti-retroviral combinada em Brasília, Distrito Federal, Brasil, 1999-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Viveiros de Carvalho

    Full Text Available A aderência ao tratamento é um dos principais problemas relacionados à terapia anti-retroviral, já que a tomada incompleta dos medicamentos pode levar à resistência viral. Efeitos colaterais podem interferir com a qualidade de vida dos pacientes. Buscou-se estimar níveis de aderência à terapia e investigar seus determinantes, através de um estudo transversal. Definiram-se dois pontos de corte como boa aderência: a tomada de pelo menos 80% ou de 95% da medicação conforme a prescrição. Realizaram-se entrevistas semi-estruturadas em uma amostra seqüencial de 150 pacientes atendidos no Hospital-Dia de Brasília. Observou-se que a média de aderência foi 85,8%. As variáveis que se mostraram significativamente associadas à baixa aderência foram: idade, escolaridade, situação de emprego, rendas pessoal e familiar, uso de substâncias ilícitas, estrutura familiar e/ou comunitária, presença de infecção oportunista no momento do diagnóstico e ocorrência de efeitos colaterais relacionados à terapia. As razões de prevalência variaram de 1,6 a 4,5. Concluiu-se que variáveis sócio-econômicas e de hábitos tiveram maior força de associação com o nível de aderência do que as relacionadas com a doença ou com o tratamento.

  2. Mortalidade materna em Recife. 1. Avaliação da subenumeração de estatísticas oficiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rivaldo Mendes de Albuquerque

    Full Text Available Este estudo analisou os óbitos de mulheres com idade entre 10 a 49 anos, ocorridos em Recife, Pernambuco, nos anos de 1992 e 1993, com a finalidade de identificar os óbitos maternos neste período e confrontá-los com as estatísticas oficiais. As informações foram obtidas a partir de 1.013 declarações de óbito, sendo complementadas com consultas aos prontuários médicos, fichas de anestesia, relatórios de enfermagem, perícias tanatoscópicas do Instituto de Medicina Legal, relatórios das necrópsias do Serviço de Verificação de óbitos e por meio de entrevistas com os médicos que assistiram estes óbitos ou com familiares das mulheres que faleceram. Calcularam-se as razões de mortalidade materna (RMM para o Município de Recife para cada ano e para o período total do estudo. As 20 mortes maternas declaradas representaram 2% dos óbitos entre mulheres nessa faixa etária. Após a investigação encontraram-se mais 22 casos para todo o período. A RMM pelas estatísticas oficiais era de 37,0 por 100.000 nascidos vivos, passando a 77,7 após a correção. Esta diferença representou uma subenumeração de 52,4%. Conclui-se que, no caso de Recife, não se poderia aplicar o fator de correção de 3,0 recomendado para a Região Nordeste pelo Ministério da Saúde, porque a mortalidade materna estaria sendo então superestimada.

  3. Mortalidade materna em Recife. 1. Avaliação da subenumeração de estatísticas oficiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albuquerque Rivaldo Mendes de

    1997-01-01

    Full Text Available Este estudo analisou os óbitos de mulheres com idade entre 10 a 49 anos, ocorridos em Recife, Pernambuco, nos anos de 1992 e 1993, com a finalidade de identificar os óbitos maternos neste período e confrontá-los com as estatísticas oficiais. As informações foram obtidas a partir de 1.013 declarações de óbito, sendo complementadas com consultas aos prontuários médicos, fichas de anestesia, relatórios de enfermagem, perícias tanatoscópicas do Instituto de Medicina Legal, relatórios das necrópsias do Serviço de Verificação de óbitos e por meio de entrevistas com os médicos que assistiram estes óbitos ou com familiares das mulheres que faleceram. Calcularam-se as razões de mortalidade materna (RMM para o Município de Recife para cada ano e para o período total do estudo. As 20 mortes maternas declaradas representaram 2% dos óbitos entre mulheres nessa faixa etária. Após a investigação encontraram-se mais 22 casos para todo o período. A RMM pelas estatísticas oficiais era de 37,0 por 100.000 nascidos vivos, passando a 77,7 após a correção. Esta diferença representou uma subenumeração de 52,4%. Conclui-se que, no caso de Recife, não se poderia aplicar o fator de correção de 3,0 recomendado para a Região Nordeste pelo Ministério da Saúde, porque a mortalidade materna estaria sendo então superestimada.

  4. Exacerbação aguda da DPOC: mortalidade e estado funcional dois anos após a alta da UTI Patients admitted to the ICU for acute exacerbation of COPD: two-year mortality and functional status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassiano Teixeira

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a taxa de mortalidade de pacientes com DPOC e avaliar o estado funcional dos sobreviventes dois anos após a alta da UTI. MÉTODOS: Estudo de coorte prospectiva realizada nas UTIs de dois hospitais na cidade de Porto Alegre (RS com pacientes com exacerbação aguda de DPOC e internados em UTI entre julho de 2005 e julho de 2006. Dois anos após a alta, os sobreviventes foram entrevistados via telefone. Os dados obtidos foram utilizados na determinação dos escores da escala de Karnofsky e de uma escala de atividades de vida diária (AVD. RESULTADOS: Foram incluídos 231 pacientes. A mortalidade hospitalar foi de 37,7% e a mortalidade extra-hospitalar foi de 30,3%. Dos 74 sobreviventes, foram entrevistados 66 (89%. A média de idade dos pacientes no momento da internação na UTI era de 74 ± 10 anos e a do escore Acute Physiology and Chronic Health Evaluation II era de 18 ± 7. Tinham duas ou mais comorbidades 87,8% dos pacientes. Dos 66 entrevistados, 57 (86,3% viviam em suas casas, 58 (87,8% eram capazes de realizar seu autocuidado, 12 (18,1% utilizavam oxigenoterapia, e 4 (6,1% necessitavam suporte ventilatório. Houve uma significante redução na qualidade de vida e na autonomia, segundo os escores da escala de Karnofsky (85 ± 9 vs. 79 ± 11; p = 0,03 e de AVD (29 ± 5 vs. 25 ± 7; p = 0,01, respectivamente. CONCLUSÕES: A mortalidade desta amostra de pacientes foi muito elevada nos primeiros dois anos. Embora houvesse evidente redução do estado funcional dos sobreviventes, os mesmos preservaram a capacidade de realizar seu autocuidadoOBJECTIVE: To assess ICU patients with COPD, in terms of in-hospital characteristics, two-year mortality and two-year functional status of survivors. METHODS: A prospective cohort study involving patients with acute exacerbation of COPD admitted to the ICUs of two hospitals in the city of Porto Alegre, Brazil, between July of 2005 and July of 2006. At two years after discharge

  5. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura Determinants of postpartum weight gain retention: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Kac

    2001-06-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.This study is a literature review of factors determining postpartum weight gain retention. According to the literature, the main factors include gestational weight gain and intensity of lactation. Various studies show that the greater the weight gain during pregnancy, the greater the postpartum weight retention. Smoking was associated with lower retention, while lactation only demonstrated a protective effect against weight retention in some studies. Various factors, like physical activity, food consumption, age at menarche, number of abortions, and mother's work status have still not been properly studied. The conclusion is that there are few studies on postpartum weight changes, suggesting the need for new research on the theme, especially in developing countries where obesity has been insufficiently researched thus far.

  6. A economia informal e seus determinantes: uma análise comparativa entre as regiões metropolitanas de São Paulo e da cidade do México

    OpenAIRE

    Sanches, Osmar

    2009-01-01

    Este trabalho tem como objetivo central analisar qual o comportamento da economia informal na RMSP (Região Metropolitana de São Paulo) no período entre 2002 a 2008, e quais os seus possíveis determinantes. O procedimento de pesquisa utilizado é, em sua grande maioria, a pesquisa bibliográfica, que tem como fonte alguns dos principais autores e institutos de pesquisa que estudam a economia informal em âmbito internacional. Além disso, são utilizados dados empíricos fornecidos principalmente pe...

  7. Utilização das informações vitais para a estimação de indicadores de mortalidade no Brasil: da busca ativa de eventos ao desenvolvimento de métodos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    Full Text Available Resumo: O artigo apresenta a construção histórica brasileira sobre a utilização das informações vitais, incorporando procedimentos de avaliação das informações e pesquisas de busca ativa de nascimentos e óbitos, que resultaram na proposição de métodos para o cálculo de indicadores de natalidade e mortalidade mediante o uso de registros contínuos. Além das pesquisas para captar eventos vitais referentes aos anos de 2000 e 2008, são apresentados os procedimentos para a correção dos eventos informados aos sistemas de informação e a mudança de paradigma no método de cálculo dos indicadores de mortalidade decorrente destas iniciativas. Adicionalmente, destacam-se os avanços na adequação das informações sobre óbitos e nascidos vivos no Brasil, as alterações nas estimativas da mortalidade infantil decorrentes da proposição de métodos, além do desafio de estimar o indicador para áreas geográficas subnacionais, com menores contingentes populacionais, que em sua maioria é composta por municípios com baixa cobertura e regularidade dos dados.

  8. Correção da magnitude da mortalidade por câncer do colo do útero no Brasil, 1996-2005 Corrección de la magnitud de la mortalidad por cáncer de colón uterino en Brasil, 1996-2005 Correction for reported cervical cancer mortality data in Brazil, 1996-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Justina Gamarra

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Desenvolver uma metodologia para correção da magnitude dos óbitos por câncer do colo do útero no Brasil. MÉTODOS: Os dados sobre os 9.607.177 óbitos foram obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade, para o período de 1996 a 2005. Para a correção do sub-registro, foram utilizados os fatores de expansão gerados pelo Projeto Carga Global de Doença no Brasil - 1998. Para correção das categorias de diagnósticos desconhecidos, incompletos ou mal definidos de óbitos, foi aplicada redistribuição proporcional. Os dados ausentes de idade foram corrigidos por imputação. As correções foram aplicadas por Unidade Federativa e os resultados apresentados para o Brasil, região e áreas geográficas (capital, demais municípios das regiões metropolitanas e interior por meio do percentual de variabilidade da magnitude das taxas, antes e após a correção dos óbitos. O comportamento das correções foi analisado por modelo de regressão linear multivariada com termos de interação entre região do País e área geográfica. RESULTADOS: As taxas corrigidas de mortalidade por câncer do colo do útero no Brasil mostraram um acréscimo de 103,4%, variando de 35% para as capitais da região Sul a 339% para o interior da região Nordeste. A redistribuição dos óbitos por câncer de útero sem especificação de localização anatômica promoveu os maiores acréscimos na magnitude das taxas. Os percentuais de correção, segundo ano de ocorrência do óbito, mostraram tendência estacionária no Brasil. CONCLUSÕES: Os resultados permitem concluir que a metodologia proposta foi adequada para corrigir a magnitude das taxas de mortalidade por câncer do colo do útero no País, mostrando que a mortalidade por esse câncer é ainda maior do que o observado nos informes oficiais.OBJETIVO: Desarrollar una metodología para corrección de la magnitud de los óbitos por cáncer de colon uterino en Brasil. MÉTODOS: Los datos

  9. Tratamento da hipertensão e declínio da mortalidade por acidentes vasculares cerebrais The treatment of hypertension and the decline of mortality from cerebrovascular accidents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eluf Neto

    1990-08-01

    Full Text Available É discutida a possível relação causa-efeito entre o declínio da mortalidade por acidentes vasculares cerebrais (AVC e o melhor tratamento da hipertensão arterial. Para isto são revistos criticamente na literatura internacional os possíveis artefatos estatísticos para a enumeração dos AVCs, a letalidade e a incidência de AVC a prevalência de outros fatores de risco como hipercolesterolemia, tabagismo, ingestão de sódio, potássio e álcool, a obesidade e também a contribuição da assistência médica.A possible cause-effect relation ship between the decline of mortality from cerebro-vascular accidents (CVA and a better control of arterial hypertension is discussed. The international literature on the subject is critically reviewed in the light of the possible statistical artifacts for enumeration of CVAs, the incidence and fatality of the disease, the prevalence of other risk factors such as hypercholesterolemia, smoking, and the consumption of sodium, potassium and alcohol, and obesity, as well as the contribution of health care.

  10. Atividade do acaricida etoxazol sobre a mortalidade e reprodução do ácaro-da-leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, em citros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Juari Celoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade do acaricida etoxazol, no controle e reprodução do ácaro B. phoenicis. Para tanto, foram demarcadas com cola adesiva arenas de cinco centímetros de diâmetro em frutos de citros com alta infestação do ácaro. O ensaio foi delineado em parcelas inteiramente casualizadas, com oito tratamentos e quatro repetições. Em cada arena foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos. Os tratamentos constaram dos seguintes acaricidas e doses em g i.a./100 L de água: etoxazol 110 SC (1,1; 1,65; 2,75 e 5,5; hexitiazoxi 500 PM (0,75; flufenoxuron 100 CE (3; cihexatina 500 PM (25, aplicados diretamente sobre as arenas. Os frutos foram mantidos em câmara de germinação tipo BOD. com temperatura de 25 ± 2 ºC e fotofase de 12 horas. Diariamente, foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos, com auxílio de microscópio esteroscópio. Os parâmetros avaliados foram a atividade ovicida, esterilização de fêmeas e efeito sobre formas jovens. Constatou-se que o etoxazol provocou mortalidade de formas jovens do ácaro-da-leprose superior a 95%, nas doses a partir de 1,1 g i.a. /100 L de água. Ovos tratados com etoxazol, nas doses a partir de 1,65 g i.a. /100 L de água, apresentaram inviabilidade média de 60%. O etoxazol apresentou efeito esterilizante sobre fêmeas nas doses a partir de 2,75 g i.a./100 L de água, inviabilizando 95% dos ovos.

  11. Características histomorfológicas e histoquímicas determinantes no diagnóstico da criptococose em animais de companhia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauco J.N. Galiza

    2014-03-01

    Full Text Available Sete casos de criptococose (seis gatos e um cão foram estudados para estabelecer as características histomorfológicas e histoquímicas determinantes no diagnóstico histopatológico dessa condição. Os dados complementares relacionados à epidemiologia, aos aspectos clínicos, à localização das lesões e às alterações macroscópicas foram obtidos dos protocolos de necropsias e biópsias. Na histologia, as leveduras foram observadas no interior de macrófagos ou livres no parênquima, associadas à reação inflamatória linfo-histioplasmocítica que variou de escassa a acentuada. Pela técnica de hematoxilina-eosina (HE as leveduras eram arredondadas, com célula central contendo um núcleo, circundada por um halo claro (cápsula geralmente não corada. As técnicas histoquímicas do ácido periódico de Schiff (PAS, Grocott e Fontana-Masson (FM foram utilizadas e evidenciaram a parede das células das leveduras. Pelo FM observou-se a melanina presente nessas células. As técnicas do azul Alciano e da mucicarmina de Mayer evidenciaram principalmente a cápsula polissacarídica das leveduras. O diâmetro das células das leveduras variou de 1,67 a 10,00µm e o diâmetro total das leveduras encapsuladas variou entre 4,17 e 34,16µm. Os brotamentos foram melhor visualizados através do PAS e ocorreram em base estreita, de forma única ou múltipla, principalmente em polos opostos das células das leveduras ou formando uma cadeia. O diagnóstico definitivo de criptococose foi estabelecido através do exame histopatológico, baseando-se na morfologia característica do agente (levedura encapsulada e em suas propriedades tintoriais (histoquímicas, principalmente nos casos em que a cultura micológica não foi realizada.

  12. Infant mortality and prenatal care: contributions of the clinic in the light of Canguilhem and Foucault Mortalidad infantil y prenatal: contribuciones de la clínica bajo la perspectiva de Canguilhem y Foucault Mortalidade infantil e pré-natal: contribuições da clínica à luz de Canguilhem e Foucault

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Pereira de Figueiredo

    2012-02-01

    ías disponibles en el sistema de salud y, en conjunto, consigan contribuir para la reducción de la mortalidad infantil en Brasil.Neste estudo de revisão objetivou-se verificar como pesquisas realizadas no Brasil relacionam a mortalidade infantil e o pré-natal e apresentar contribuições da clínica à luz de Canguilhem e Foucault, para a qualificação da assistência. Realizou-se revisão integrativa de literatura a partir de buscas nas bases de dados SciELO, LILACS, MEDLINE e BDENF, no período de 2000 a 2009. A relação entre a mortalidade infantil e o pré-natal refere-se ao número insuficiente de consultas ou à qualidade do atendimento prestado. Mesmo quando o número e a rotina de consultas no pré-natal foram adequados, os óbitos evitáveis estiveram presentes. Para a qualificação da assistência oferecida, sugere-se que sejam considerados o conhecimento clínico e os demais elementos componentes do processo de viver humano, no intuito de que o olhar clínico seja ampliado e articulado às tecnologias disponíveis no sistema de saúde e, em conjunto, consigam contribuir para a redução da mortalidade infantil no Brasil.

  13. Time series of tuberculosis mortality in Brazil (1980-2001 Serie histórica de la mortalidad por tuberculosis en Brasil (1980-2001 Série histórica da mortalidade por tuberculose no Brasil (1980-2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Hino

    2007-10-01

    . Utilizou-se um desenho descritivo por meio de série temporal utilizando dados do DATASUS que tiveram a tuberculose como causa básica de óbito. Foram calculados os coeficientes de mortalidade por 100.000 habitantes segundo sexo e faixa etária. Os decréscimos da mortalidade por tuberculose observado ao longo dos 22 anos analisados foram de aproximadamente 42% para o sexo masculino e 54% para o sexo feminino. Considerou-se a Classificação Internacional de Doenças, CID-9 para o período de 1980 a 1995 e a CID-10 para 1996 a 2001. Os óbitos estão relacionados ao diagnóstico tardio, que é um problema de organização da atenção primária à saúde, uma vez que as ações de prevenção não foram incorporadas na prática dos profissionais de saúde, o que contribui para o aumento nas taxas de óbito em grupos mais vulneráveis.

  14. Análise da mortalidade e das internações por doenças cardiovasculares em Niterói, entre 1998 e 2007 Análisis de la mortalidad y de las hospitalizaciones por enfermedades cardiovasculares en Niterói, entre 1998 y 2007 Analysis of mortality and hospitalization for cardiovascular diseases in Niterói, between 1998 and 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Garcia Rosa

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A redução da mortalidade por doenças cardiovasculares é observada no Brasil há anos, atribuída à queda nos fatores de risco, melhora na terapêutica e diminuição da mortalidade hospitalar. OBJETIVO: Comparar a mortalidade populacional, o coeficiente de internação e a mortalidade hospitalar em unidades do Sistema Único de Saúde, para doença isquêmica do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCBV e insuficiência cardíaca (IC, no município de Niterói, entre 1998 e 2007. MÉTODOS: Foram utilizados o número de óbitos e o de internações e mortalidade hospitalar de residentes em Niterói para o capítulo IX do CID10 e causas específicas disponíveis no Datasus, na população de 30 anos e mais. A diferença entre a magnitude dos indicadores foi calculada para homens e mulheres considerando a média do primeiro triênio menos a média do segundo triênio. RESULTADOS: Houve queda dos coeficientes de mortalidade populacional em homens e mulheres, para todas as faixas etárias, nos três grupos de causas e para o capítulo IX. A tendência à queda dos coeficientes diminuiu com a idade. Para DIC houve queda na mortalidade hospitalar. Para DCBV e IC, aumento. Os coeficientes de internação hospitalar por DIC diminuíram, com exceção de algumas faixas. CONCLUSÃO: O presente estudo permitiu esclarecer alguns aspectos da morbimortalidade cardiovascular em Niterói. A redução da mortalidade populacional e hospitalar por DIC indica haver melhor qualidade na abordagem dessa condição. O aumento da mortalidade hospitalar por DCBV e IC aponta para a necessidade de se dar maior atenção à qualidade do cuidado hospitalar para esses grupos de doenças.FUNDAMENTO: La reducción de la mortalidad por enfermedades cardiovasculares se viene observando en Brasil desde hace años, se la asigna a un descenso en los factores de riesgo, a una mejora en el tratamiento y a una mortalidad hospitalaria reducida. OBJETIVO: Para

  15. Determinants of competitiveness in Santa Catarina`s higher education sector, from perception of its main CEOs Fatores determinantes da competitividade no ensino superior de Santa Catarina, a partir da percepção dos seus principais dirigentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cesar Leite Esteves

    2011-12-01

    determinantes de mudanças ocorridas na estrutura competitiva do Setor de Ensino Superior de Santa Catarina, a partir da percepção dos principais dirigentes das instituições de Ensino Superior de Santa Catarina e com os dirigentes das duas entidades que congregam as Instituições Privadas Comunitárias, ou seja, a ACAFE e as Instituições Privadas Particulares, ou seja, a AMPESC, que participam da criação e estruturação do Setor de Ensino Superior no Estado. Desenvolvida a partir de uma abordagem qualitativa do tipo interpretativa, por meio de pesquisas bibliográficas e entrevistas com Dirigentes do Setor Público, do Setor Privado Comunitário e do Setor Privado Particular, a pesquisa identificou e classificou um conjunto de oito Fatores Determinantes das mudanças ocorridas na estrutura competitiva do Setor. Por outro lado, a análise comparativa desses Fatores com os dos Modelos Teóricos de Competitividade demonstra que não há um Modelo único capaz de explicar, integralmente, os fatores percebidos pelos Dirigentes como determinantes das mudanças do quadro de competitividade no Setor.

  16. Determinantes da formação do capital intelectual nas empresas produtoras de tecnologia da informação e comunicação.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson Celestino Lima

    2011-02-01

    Full Text Available O processo de avaliação de empresas tem avançado no sentido de incorporar novas metodologias e/ou adaptar as metodologias já existentes, comprovadamente eficientes, para os novos paradigmas da avaliação. A área de avaliação incorpora outras disciplinas além das já conhecidas de Finanças e requer maior interação com a dinâmica estratégica das organizações. Em se tratando de avaliação dos intangíveis, uma questão bastante relevante se impõe: o valor do capital intelectual. Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC são empresas diferenciadas e que precisam de um adequado tratamento quando do processo de determinação do seu valor de mercado. As metodologias tradicionais apenas demonstram o valor da empresa; no entanto, por ser esse tipo de empresa preponderantemente de capital intangível, é difícil identificar seus geradores de valor. Esta pesquisa teve como objetivo principal identificar os direcionadores de valor de empresas de tecnologia da informação e comunicação, usando a análise multivariada e especificamente a análise fatorial. Essa metodologia objetivou, explorar, através de questionário respondido por gestores de empresas de TIC, quais seriam as variáveis fundamentais na criação de valor nesse tipo específico de organização. De acordo com os resultados da pesquisa, o capital intangível é formado por quatro fatores ou drivers: o Capital Humano, respondendo por 26,8% da variância total; a Gestão do Capital Humano, respondendo por 21,4% da variância total; o Capital Estrutural, respondendo por 19,7%, e o Ambiente Organizacional, respondendo por 19,1%. Juntos, esses fatores respondem por 87% de toda a variância envolvendo o capital intangível.

  17. Tendência temporal da mortalidade geral e morbidade hospitalar por doença diarreica em crianças brasileiras menores de cinco anos no período de 2000 a 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia S. de A. Mendes

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer as tendências temporais dos indicadores de mortalidade geral e morbidade hospitalar por doença diarreica em crianças menores de um ano e de um a quatro anos, conforme as regiões brasileiras, entre 2000 e 2010. MÉTODO: Estudo ecológico de séries temporais. Os dados sobre Autorização de Internação Hospitalar, média de permanência e valor médio dessa autorização foram obtidos do Sistema de Informações Hospitalares; o número de óbitos infantis foi adquirido no Sistema de Informações sobre Mortalidade; as informações sobre os nascidos vivos e a população geral foram obtidas do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e dos Censos Demográficos, respectivamente. Dados disponíveis no endereço eletrônico do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde/Ministério da Saúde. RESULTADOS: A mortalidade por diarreia no Brasil evidenciou tendência de decréscimo desacelerado em ambas as faixas etárias. Quanto à hospitalização, houve tendência decrescente discreta nos menores de um ano e ascendência insignificante entre 1-4 anos, entretanto, com menor permanência e valor médio de internamento, independentemente da idade e da região. Registraram-se no Norte e Nordeste os maiores coeficientes de mortalidade e maior porcentagem de internação nos menores de um ano. O Centro-Oeste apresentou maior redução média anual do tempo de permanência hospitalar. CONCLUSÃO: Atualmente, os indicadores de mortalidade geral e morbidade hospitalar por diarreia em crianças brasileiras encontram-se, de forma geral, mais baixos, porém lentamente decrescentes.

  18. Impacto familiar e ajustamento de pais de crianças com diagnóstico de anomalia congênita: influência dos determinantes da criança

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Albuquerque

    2012-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A ocorrência de diagnóstico pré ou pós-natal de anomalia congênita (AC num filho pode implicar mudanças na dinâmica e no funcionamento da família, bem como ter um importante impacto no ajustamento individual dos pais. OBJETIVOS: Este estudo teve como objetivos avaliar a sobrecarga parental e ajustamento individual de pais de crianças com diagnóstico de AC e compreender a variabilidade da adaptação dos pais (sobrecarga e ajustamento individual em função dos determinantes da criança. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 124 participantes (62 casais, pais de crianças com diagnóstico de AC. O protocolo de avaliação incluiu a Escala de Impacto Familiar, o Brief Symptom Inventory e o Instrumento de Avaliação de Qualidade de Vida da Organização Mundial de Saúde (WHOQOL-Bref. RESULTADOS: As mães reportaram maiores níveis de sintomatologia psicopatológica e menor percepção de qualidade de vida. Encontraram-se, ainda, efeitos significativos dos determinantes da criança, nomeadamente da idade da criança no ajustamento paterno e da percepção de gravidade da anomalia no ajustamento paterno e na sobrecarga materna. O conhecimento do diagnóstico após o nascimento e as anomalias cromossômicas mostraram-se, em ambos os pais, correlacionados com maior percepção de sobrecarga global e financeira. CONCLUSÃO: Os resultados salientam a complexidade do ajustamento dos pais ao diagnóstico de anomalia congênita de um filho, na qual interagem diversos fatores, em particular os associados com o diagnóstico da criança.

  19. Inibição da formação de abscesso abdominal em rato: mortalidade por sepse Inhibition of abdominal abscess formation in rat: Mortality by sepsis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Oliveira Carmo Rodrigues

    2005-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Atribui-se aos abscessos intra-abdominais e às aderências peritoniais a função de isolar os processos sépticos e proteger o organismo da bacteremia. Por outro lado, esses fenômenos também dificultam o afluxo de fatores imunitários e antibióticos para a região infectada. OBJETIVO: Avaliar o efeito da prevenção de abscessos na sobrevida após peritonite bacteriana. MÉTODOS: Foram estudados 30 ratos Wistar machos que receberam solução de fezes a 50% intra-abdominal e que foram distribuídos em três grupos (n = 10. Grupo 1: controle (solução de fezes; grupo 2: solução de fezes mais solução salina a 0,9%; grupo 3: solução de fezes mais carboximetilcelulose a 1%, para inibir a formação de aderências. Os três grupos foram divididos em dois subgrupos (n = 5: subgrupo A: nova laparotomia, após 4 dias, para inspeção da cavidade abdominal; e subgrupo B: acompanhamento durante 30 dias para avaliação da mortalidade e da causa de morte. A análise estatística utilizou o teste exato de Fisher. RESULTADOS: O acréscimo de solução salina a 0,9% não aumentou a mortalidade do grupo. Entretanto, no grupo em que se acrescentou a solução de carboximetilcelulose, houve menor formação de abscessos, que também foram mais tênues e a mortalidade aumentou em relação ao grupo controle. CONCLUSÃO: A inibição na formação de aderências peritoniais e de abscessos acompanha-se de maior mortalidade decorrente do processo séptico intra-abdominal generalizado.

  20. Evolução de indicadores socioeconômicos e da mortalidade cardiovascular em três estados do Brasil Evolution of socioeconomic indicators and cardiovascular mortality in three brazilian states

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Porto Soares

    2013-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Doenças do aparelho circulatório são a primeira causa de morte no Brasil. OBJETIVO: Correlacionar taxas de mortalidade por doenças do aparelho circulatório nos Estados de Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, e em suas capitais, entre 1980 e 2008, com indicadores socioeconômicos coletados a partir de 1949. MÉTODOS: Populações e óbitos obtidos no Datasus/MS. Calcularam-se taxas de mortalidade por doenças isquêmicas do coração, doenças cerebrovasculares, causas mal definidas, doenças do aparelho circulatório (DApCirc e todas as causas, ajustadas pelo método direto e compensadas por causas mal definidas. Dados de mortalidade infantil foram obtidos nas secretarias estaduais e municipais de saúde e no IBGE. Dados de PIB e escolaridade foram obtidos no Ipea. As taxas de mortalidade e os indicadores socioeconômicos foram correlacionados pela estimação de coeficientes lineares de Pearson, para determinar a defasagem anual otimizada. Foram estimados os coeficientes de inclinação da regressão entre a dependente doença e a independente indicador socioeconômico. RESULTADOS: Houve redução da mortalidade nos três Estados, essa ocorreu especialmente por queda de mortalidade por doenças cardiovasculares, em especial das doenças cerebrovasculares. A queda da mortalidade por doenças do aparelho circulatório foi precedida por redução da mortalidade infantil, elevação do produto interno bruto per capita e aumento na escolaridade, com forte correlação entre indicadores e taxas de mortalidade. CONCLUSÃO: A variação evolutiva dos três indicadores demonstrou correlação quase máxima com a redução da mortalidade por DApCirc. Essas relações sinalizam a importância na melhoria das condições de vida da população para reduzir a mortalidade cardiovascular.BACKGROUND: Cardiovascular diseases are the major cause of death in Brazil. OBJECTIVE: To correlate cardiovascular mortality rates in the states of

  1. Fatores determinantes da carga de trabalho em uma unidade básica de saúde Decisive factors relating to workload in a primary healthcare unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson Rogério da Silva

    2011-08-01

    Full Text Available As doenças decorrentes do exercício pro-fissional, sejam de ordem física ou emocional, têm apresentado aumento crescente na sociedade atual, nos diferentes segmentos laborativos, com projeção significativa junto aos profissionais da saúde como médicos, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e auxiliares administrativos envolvidos com a prestação de serviços nas unidades de saúde. Este estudo teve por objetivo conhecer a carga de trabalho e seus fatores determinantes, buscando identificar possíveis relações entre as condições de trabalho e o possível impacto para a saúde dos trabalhadores. Participaram da amostra 31 indivíduos: 12 médicos, 3 dentistas, 1 enfermeira, 9 auxiliares de enfermagem, 3 auxiliares odontológicos e 3 auxiliares administrativos de uma Unidade Básica de Saúde (UBS no interior de São Paulo. Para a coleta dos dados foi elaborado um roteiro de entrevista estruturado e realizadas reuniões com os grupos específicos para uma descrição detalhada das atividades realizadas em cada setor e o levantamento de problemas e de características desejáveis. Os resultados indicam a presença de carga física, carga cognitiva e carga psíquica; processo de comunicação inadequado; equipamentos obsoletos; número excessivo de usuários e estrutura frágil para lidar com absenteísmo.Work-related diseases o either physical or emotional origin have been on the increase in contemporary society in the different work sectors. They have had a profound impact on health professionals, such as physicians, dentists, nurses, nursing assistants and administrative assistants in the primary healthcare units. This study aimed to establish the decisive factors relating to workload, seeking to identify possible relations between the working conditions and their potential impact on worker health. Thirty-one individuals comprised the sample, namely 12 physicians, 3 dentists, 1 nurse, 9 nursing assistants, 3 dental

  2. Tendências da incidência e da mortalidade por Aids no Maranhão, 1985 a 1998 Trends in AIDS incidence and mortality in Brazil, 1985 to 1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa S S B Alves

    2003-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mortalidade por Aids no Brasil está decrescendo, principalmente, após a introdução dos anti-retrovirais. Nesse sentido, foi realizado estudo com o objetivo de analisar a incidência e mortalidade, segundo sexo, em uma determinada região do Brasil. MÉTODOS: O estudo foi realizado a partir do número de óbitos ocorrido por Aids na população residente no Estado do Maranhão, segundo sexo, no período de 1985 a 1998. Utilizou-se como numerador a quantidade de óbitos do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM. De 1985 a 1995, foram utilizados registros com código 279/1 da nona revisão da Classificação Internacional de Doenças. A partir de 1996, foram utilizados os códigos B20 a B24 da décima revisão dessa classificação. Foram utilizados como numerador dos coeficientes de incidência os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação Compulsória (SINAM. Os percentuais de variação dos coeficientes foram calculados utilizando-se modelo de regressão de Poisson. RESULTADOS: Ocorreram 1.211 casos e 501 óbitos por Aids no período. Os coeficientes de incidência anual mostraram crescimento de 21,6% (pINTRODUCTION: AIDS mortality is decreasing in Brazil, especially after the introduction of anti-retroviral therapy. A study was conducted to evaluate AIDS incidence and mortality in a certain area of Brazil. METHODS: The number of AIDS deaths according to sex in the study period, obtained from registry sources, were used as the numerator of mortality rates. From 1985 to 1995, deaths with underlying cause classified as code 279/1 in the 9th International Classification of Diseases (ICD and, from 1996 onwards, B20 to B24 codes in the 10th Review were considered AIDS cases. SINAN/MS disease compulsory notification data were used as the numerator of incidence rates. Percentage of variation of the incidence and mortality rates were calculated using a Poisson regression model. RESULTS: In the study period

  3. Determinantes e padrões de utilização da bicicleta e acidentes de trânsito sofridos por ciclistas trabalhadores da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giancarlo Bacchieri

    Full Text Available Um estudo transversal de base-populacional foi realizado em Pelotas, sul do Brasil, objetivando pesquisar os determinantes e padrões de utilização da bicicleta como modo de transporte para o trabalho. Foram também descritos os acidentes ocorridos nos últimos 12 meses no deslocamento de ida e volta para o trabalho e a utilização de equipamentos de segurança na bicicleta. A amostra incluiu 1.705 trabalhadores com 15 anos ou mais de idade, residentes na zona urbana, que utilizavam modos de transporte para o trabalho. Análises bruta e ajustada foram realizadas por meio de regressão de Poisson, considerando o efeito do delineamento. A prevalência de utilização da bicicleta foi de 17,2% (IC95%: 15,4-19,0. Trabalhadores homens, com baixa escolaridade e nível econômico mais baixo apresentaram as maiores prevalências. Menos de 1,0% das bicicletas possuía os equipamentos de segurança exigidos pelo Código de Trânsito Brasileiro e 15,0% não tinham freios. Aproximadamente 6,0% desses trabalhadores sofreram acidentes de trânsito com lesões corporais nos últimos 12 meses. Concluímos que trabalhadores que utilizam bicicleta como modo de transporte são prioritários para intervenções preventivas relacionadas a acidentes de trânsito.

  4. Determinantes e padrões de utilização da bicicleta e acidentes de trânsito sofridos por ciclistas trabalhadores da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bacchieri Giancarlo

    2005-01-01

    Full Text Available Um estudo transversal de base-populacional foi realizado em Pelotas, sul do Brasil, objetivando pesquisar os determinantes e padrões de utilização da bicicleta como modo de transporte para o trabalho. Foram também descritos os acidentes ocorridos nos últimos 12 meses no deslocamento de ida e volta para o trabalho e a utilização de equipamentos de segurança na bicicleta. A amostra incluiu 1.705 trabalhadores com 15 anos ou mais de idade, residentes na zona urbana, que utilizavam modos de transporte para o trabalho. Análises bruta e ajustada foram realizadas por meio de regressão de Poisson, considerando o efeito do delineamento. A prevalência de utilização da bicicleta foi de 17,2% (IC95%: 15,4-19,0. Trabalhadores homens, com baixa escolaridade e nível econômico mais baixo apresentaram as maiores prevalências. Menos de 1,0% das bicicletas possuía os equipamentos de segurança exigidos pelo Código de Trânsito Brasileiro e 15,0% não tinham freios. Aproximadamente 6,0% desses trabalhadores sofreram acidentes de trânsito com lesões corporais nos últimos 12 meses. Concluímos que trabalhadores que utilizam bicicleta como modo de transporte são prioritários para intervenções preventivas relacionadas a acidentes de trânsito.

  5. Influência da dieta AIN-93 na mortalidade e no processo de remodelação cardíaca após o infarto do micárdio

    OpenAIRE

    Ardisson, Lidiane Paula [UNESP

    2009-01-01

    o objetivo do nosso estudo foi avaliar a influência da dieta AIN-93 na mortalidade e no processo de remodelação cardíaca após o infarto agudo do miocárdio em ratos. Foram utilizados ratos Wistar, machos, que após o desmame foram divididos em dois grupos: grupo controle (n =62), o qual recebeu dieta padrão de nosso laboratório (Labina) e grupo AIN-93 (n= 70), que recebeu a dieta AIN-93. Ao atingirem peso ao redor de 250g, os ratos foram submetidos ao infarto experimental; em alguns animais foi...

  6. Evolução da mortalidade por neoplasias malignas no Rio Grande do Sul, 1979-1995 Time trends in cancer mortality in Rio Grande do Sul, Brazil, 1979-1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Curi Hallal

    2001-11-01

    Full Text Available Foi analisada a mortalidade por câncer no Rio Grande do Sul (RS, entre 1979 e 1995. As variáveis consideradas foram sexo, idade, ano de ocorrência do óbito e causa básica da morte. Para análise da tendência das taxas padronizadas de mortalidade (método direto, população padrão: RS-1996 foi utilizada a regressão linear simples. As localizações mais freqüentes do tumor foram: pulmão, esôfago, próstata, estômago e cólon/reto, nos homens, e mama, colo do útero/útero não especificado, pulmão, cólon/reto e estômago, nas mulheres. A tendência temporal das taxas padronizadas de mortalidade, em cada sexo, do ponto de vista estatístico, foi de estabilidade, bem como por câncer de cólon/reto feminino e de colo do útero/útero não especificado. Verificou-se tendência estatisticamente significativa de crescimento da mortalidade por câncer de pulmão, em ambos os sexos, mama feminina, próstata e cólon/reto masculino; e, da mesma forma, decréscimo por câncer de estômago, para ambos os sexos, e esôfago, para os homens.The aim of this study was to analyze cancer mortality in Rio Grande do Sul (RS, Brazil, during the period from1979 to 1995. Study variables were sex, age, year and underlying cause of death. The simple linear regression technique was used to evaluate the trend of standardized death rates (direct method, using the population of RS in 1996 as the standard. The most frequent sites of tumors in males were lung, esophagus, prostate, stomach and colon/rectum; in females they were breast, cervix of the uterus, lung, colon/rectum and stomach. Standardized death rates presented a stable trend for all malignant neoplasms in both sexes, as did cancer of cervix of the uterus/ non-specified uterus and colon/rectum tumors in females. A significant rising trend was observed in mortality rates due to lung cancer in both sexes, breast cancer in females, prostate and colon/rectum cancer in males. The rates of stomach cancer

  7. Mortalidade perinatal em cabritos no semi-árido da Paraíba Perinatal mortality in kids in the semiarid region of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josemar Marinho de Medeiros

    2005-12-01

    Full Text Available As causas de mortalidade perinatal em cabritos foram estudadas de maio de 2002 a agosto de 2004. Em 118 cabritos necropsiados as causas de morte foram: infecção neonatal (50%, distocia (12,71%, complexo hipotermia/inanição (11,86%, malformações (7,62%, síndrome do cabrito mole (6,77% e abortos (1,69%. Com relação ao momento da morte 1,69% dos cabritos morreram antes do parto, 16,94% durante o parto e 81,34 % após o nascimento. A alta ocorrência de infecções neonatais, distocias e hipotermia/inanição é provavelmente devido a fatores relacionados com erros no manejo sanitário, reprodutivo e nutricional. Artogripose dos membros anteriores foi a principal malformação observada. Este defeito é endêmico em rebanhos de caprinos no semi-árido do Brasil. A maioria das mortes ocorreu após o nascimento (25,42% e do quarto ao vigésimo dia de vida (38,98% sugerindo que o cuidado com os cabritos durante os primeiros 28 dias de vida é importante para melhorar as taxas de sobrevivência dos mesmos.The causes of perinatal kid mortality were studied from May 2002 to August 2004 in the semiarid region of Paraíba. In 118 necropsied kids the frequency of different causes of death were neonatal infections (50%, distocia (12.71%, hypothermia/starvation (11.86%, malformations (7.62%, floppy kid (6.77% and abortions (1.69%. Regarding the time of death, 1.69% of the kids died before parturition, 16.94% during the parturition and 81.34 % after birth. The high occurrence of neonatal infections, dystocias, and hypothermia/starvation is probably to due to factors related with error in the sanitary, reproductive and nutritional management. Arthrogryposis of the forelimbs was the main malformation observed. This defect is endemic in goat flocks in the semi-arid of Brazil. Most deaths occurred after birth (25.42% and from the 4th to the 28th day of life (38.98% suggesting that care with the kids during their first 28 days of life is important for the

  8. Subnotificação da mortalidade materna em Campinas: 1992 a 1994 Underreporting of maternal mortality in Campinas from 1992 to 1994

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mary Angela Parpinelli

    2000-02-01

    Full Text Available Objetivos: identificar e investigar a subnotificação da mortalidade materna, a partir das declarações de óbito (DO com causa presumível para morte materna em mulheres de 10 a 49 anos, residentes em Campinas, São Paulo, no período de 1992 a 1994. Métodos: foram selecionadas, dentre as 1032 DO de mulheres com idade entre 10 e 49 anos, 216 cuja causa de morte era associada à gravidez declarada ou presumível. Procedeu-se então à busca ativa da causa materna em prontuários clínicos, serviço de verificação de óbito e domicílios. Resultados: foram identificados oito casos adicionais de morte materna dentre as 204 DO com causa materna presumível, o que correspondeu a uma subnotificação de 40% ou a um fator de correção de 1,67 sobre a RMM "oficial". A principal causa de óbito com subnotificação (71,5% ou 5/7 casos correspondeu a complicações infecciosas do aborto, seguida pela morte materna obstétrica indireta (66,6% ou 2/3 casos. Conclusões: a DO não pode ser considerada como única fonte para identificação da morte materna, sendo necessária a investigação complementar das causas presumíveis. A falta de legislação local, além dos aspectos religiosos e sociais, pode estar influindo na omissão do aborto como causa de morte materna.Purpose: to identify and quantify the underreporting of maternal mortality, from death certificates (DC in Campinas, São Paulo, from 1992 to 1994. Methods: a total of 216 DC whose causes of death were maternal (declared and/or presumed were selected among the 1032 DC of 10 to 49-year-old women. A complementary investigation was performed on hospital records, at the death verifying units, and in households. Results: eight additional maternal deaths were identified among the 204 DC with presumed maternal death. This corresponded to an underreporting rate of 40% or to a correction factor of 1.67 for the official MMR. The first cause of underreporting was abortion (71.5% or 05/07 and

  9. Evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais nos estados brasileiros, 1980 a 2009 Suicide mortality temporal trends in people aged 60 years or more in the Brazilian states: 1980 to 2009

    National Research Council Canada - National Science Library

    Liana Wernersbach Pinto; Thiago de Oliveira Pires; Cosme Marcelo Furtado Passos da Silva; Simone Gonçalves de Assis

    2012-01-01

    Este artigo objetiva verificar a evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais segundo a unidade da federação no período de 1980 a 2009. Na construção das séries...

  10. Mortality is higher in patients with leptomeningeal metastasis in spinal cord tumors Mortalidade é mais elevada na disseminação metastática leptomeníngea em tumores da medula espinhal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de Amoreira Gepp

    2013-01-01

    Full Text Available Spinal cord tumors are a rare neoplasm of the central nervous system (CNS. The occurrence of metastases is related to poor prognosis. The authors analyzed one series of metastasis cases and their associated mortality. METHODS: Clinical characteristics were studied in six patients with intramedullary tumors with metastases in a series of 71 surgical cases. RESULTS: Five patients had ependymomas of which two were WHO grade III. The patient with astrocytoma had a grade II histopathological classification. Two patients required shunts for hydrocephalus. The survival curve showed a higher mortality than the general group of patients with no metastases in the CNS (pTumores da medula espinhal são neoplasias raras do sistema nervoso central (SNC. A ocorrência de metástases é relacionada a pior prognóstico. Os autores analisaram uma série de casos de metástases e a mortalidade relacionada. MÉTODO: Foram estudadas as características clínicas em seis pacientes com metástases tumorais numa série de 71 casos operados. RESULTADOS: Cinco pacientes tinham ependimomas e dois dos quais foram grau III pela classificação da OMS. O paciente portador de astrocitoma tinha classificação histopatológica de grau II. Dois pacientes necessitaram de derivação devido à hidrocefalia. A curva de sobrevivência mostrou mortalidade mais elevada no grupo de pacientes com disseminação pelo SNC (p<0,0001. CONCLUSÃO: A mortalidade, além de elevada em pacientes com metástases, é maior do que em pacientes apenas com lesão primária. Os ependimomas, independentemente do seu grau de anaplasia, costumam causar mais metástases do que os astrocitomas medulares.

  11. A distensibilidade da aorta prediz o acidente vascular cerebral em pacientes hipertensos

    OpenAIRE

    Telmo Pereira; João Maldonado; Liliana Pereira; Jorge Conde

    2013-01-01

    FUNDAMENTO: A doença cardiovascular continua a ser principal causa de morte nos países desenvolvidos e não é inteiramente prevista por fatores de risco clássicos. O aumento da rigidez arterial constitui um importante determinante de morbidade e mortalidade cardiovascular. OBJETIVO: Avaliar se a velocidade da onda de pulso prediz a ocorrência de acidente vascular cerebral (AVC) em pacientes hipertensos. MÉTODOS: Estudo de coorte, observacional, prospetivo, multicêntrico, incluindo 1.133 pacien...

  12. Estudo da morbidade e da mortalidade perinatal em maternidades. I-Descrição do projeto e resultados gerais A study of perinatal morbidity and mortality in maternity-hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1984-12-01

    Full Text Available É descrito estudo sobre morbidade e mortalidade ocorridas no período perinatal por meio da coleta de dados referentes ao evento, ao produto e à mãe. O estudo foi feito, de maneira coordenada e padronizada, em nove maternidades, sendo sete no Estado de São Paulo, uma no Rio de Janeiro e outra em Florianópolis, SC, o que possibilitou a coleta de dados referentes à 13.130 eventos, dos quais 12.782 eram nascidos vivos; 217 nascidos mortos e 131 abortos. Esta apresentação é a primeira de uma série e que visou descrever detalhadamente o projeto, bem como apresentar alguns resultados globais, sendo que resultados mais específicos serão apresentados futuramente. Dentre os resultados globais chama a atenção a alta mortalidade perinatal, a alta percentagem de cesária e o baixo peso nos casos de nascidos mortos ser, aproximadamente, cinco vezes mais forte que o baixo peso ao nascer nos casos de nascidos vivos.Collecting data on deliveries, newborn and mothers, in maternity-hospitals, is the best way to conduct research into perinatal morbidity and mortality. The kind of study which was carried out in nine Brazilian maternity-hospitals, seven of then situated in cities in the State of S. Paulo, one in Rio de Janeiro and another in Florianópolis, Santa Catarina, is described. The study called for the collection of data on 13,130 deliveries, of which 12,782 were live births, 217 still-births and 131 abortions. This is the first of a series of papers; the aims of this one are to describe the project and to present some general results; however, more specific results will be presented in the future. The high perinatal mortality rate, the high proportion of cesarian sections and the several times greater incidence of low birth-weight in still-births as compared with live births, deserved particular attention.

  13. Mortalidade materna: avaliação da situação no Rio de Janeiro, no período de 1977 a 1987 Maternal mortality: evaluation of the situation in Rio de Janeiro from 1977 to 1987

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia S. da Silva

    1992-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é identificar o perfil epidemiológico da mortalidade materna no estado do Rio de Janeiro, no período de 1977 a 1988, contribuindo, assim, para o planejamento de ações que tenham repercussão na redução da morbi-mortalidade materna. A taxa de mortalidade materna e a sua tendência temporal, sua distribuição por idade, por grupo de causas e por local de ocorrência (estado, capital e demais municípios foram comparadas com as de outros estados e países, buscando-se identificar fatores de risco. Apesar do sub-registro existente, a taxa de mortalidade materna no estado apresentou-se entre 5 e 11,1 por 10.000 nascidos vivos, com uma tendência decrescente, embora tenha se estabilizado nos últimos anos. A capital apresentou melhores resultados que os demais municípios em praticamente todos os indicadores trabalhados. As principais causas de óbito foram a hipertensão arterial (36,5%, as hemorragias (21,5% e o aborto (11,6%. As faixas etárias de 10 a 14 anos e 40 a 49 anos foram as de maior risco, com taxas de mortalidade materna de 54,8 e 32,0 por 10.000 nascidos vivos, respectivamente. O investimento na melhoria da qualidade de assistência à saúde da mulher no pré-natal, no parto e no puerpério é uma ação viável e de grande impacto neste quadro, dependendo apenas da vontade política das autoridades.The aim of this study is, first, to trace the epidemiological profile of maternal mortality in the State of Rio de Janeiro (Brazil during the period from 1977 to 1987 and, second, to contribute to the planning of strategies for reducing maternal morbi-mortality in that context. With the purpose of identifying risk factors, the maternal mortality rate, its prospective trends, and its distribution according to age group, causes and location are compared to the same factors in other States of Brazil and other countries. In the State of Rio de Janeiro, the maternal mortality rate is 5.0 to 11.1 per 10,000 live

  14. Determinantes nutricionais precoces da massa livre de gordura no início da vida adulta: revisão sistemática da literatura Determinantes nutricionales tempranos de la masa libre de grasa en el comienzo de la edad adulta: una revisión sistemática de la literatura Early nutritional determinants of fat-free mass in early adulthood: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecilia Formoso Assunção

    2013-04-01

    Full Text Available Aspectos nutricionais relativos aos primeiros anos de vida podem desempenhar um papel fundamental sobre o desenvolvimento da composição corporal em outras fases da vida. Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, identificando estudos que avaliaram a associação entre determinantes nutricionais precoces e a massa livre de gordura no início da vida adulta. Foram utilizadas as bases de dados eletrônicas PubMed e Biblioteca Virtual em Saúde. Nove estudos foram incluídos, após revisão por pares das 576 referências encontradas, publicados entre os anos de 2003 e 2009, conduzidos com indivíduos saudáveis e com análise longitudinal. As variáveis peso e altura ao nascer, assim como suas variações ao longo da infância, são fortes preditores da massa livre de gordura em idades posteriores. Os estudos mostram que quanto maior o peso ao nascer e o ganho de peso nos primeiros anos de vida, maior será a massa livre de gordura na vida adulta. Porém, os dados disponíveis são poucos e inconclusivos com relação à alimentação nos primeiros anos de vida como preditor da massa livre de gordura em idades posteriores.Aspectos nutricionales en relación con los primeros años de vida pueden desempeñar un papel fundamental sobre el desarrollo de la composición corporal en otras fases de la vida. Se realizó una revisión sistemática de la literatura, identificando estudios que evaluaron la asociación entre determinantes nutricionales precoces y la masa libre de grasa en el inicio de la vida adulta. Se utilizaron las bases de datos electrónicas PubMed y Biblioteca Virtual en Salud. Se incluyeron nueve estudios, tras la revisión por pares de las 576 referencias encontradas, publicados entre los años 2003 a 2009, llevados a cabo con individuos saludables y con un análisis longitudinal. Las variables peso y altura al nacer, así como sus variaciones a lo largo de la infancia, son fuertes predictores de la masa libre de grasa en

  15. Tendências e projeções da mortalidade pelos cânceres específicos ao gênero no Brasil

    OpenAIRE

    Barbosa,Isabelle Ribeiro

    2015-01-01

    Os cânceres que acometem os órgãos genitais masculinos e femininos, em conjunto com o câncer de mama, são responsáveis por cerca de 20% dos óbitos por câncer no mundo. Conhecer os padrões de mortalidade por esses cânceres no Brasil, as mudanças que se produziram ao longo do tempo, os grupos mais vulneráveis e a carga de mortalidade que se apresentará no futuro são elementos básicos para a estruturação das ações assistenciais e de vigilância do câncer. O objetivo desse estudo fo...

  16. Perfil da mortalidade por intoxicação com medicamentos no Brasil, 1996-2005: retrato de uma década Profile of mortality by intoxication with medication in Brazil, 1996-2005: portrait of a decade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Marques Mota

    2012-01-01

    Full Text Available A ocorrência de óbitos por intoxicação com medicamentos tem sido considerada um dos agravos de saúde pública. O estudo descreve o perfil epidemiológico da mortalidade por intoxicação com medicamentos na população do Brasil entre 1996 e 2005. Realizou-se um estudo descritivo com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. Selecionaram-se os óbitos segundo a Classificação Internacional de Doenças (CID-10. Foram identificados 4.403 óbitos ocorridos em homens (53,9%, solteiros (53,7% e faixa etária de 20-39 anos (44,0%. A maioria dos óbitos foi por autointoxicação intencional por anticonvulsivantes, sedativos, antiparkinsonianos e psicotrópicos. A taxa padronizada de mortalidade foi maior na região Centro-Oeste e os Anos Potenciais de Vida Perdidos aumentou durante o período estudado em 15,50%. O estudo apresentou as características e variações na mortalidade por intoxicação com medicamentos no Brasil que pode ser um reflexo do padrão de consumo dos medicamentos no país atrelado à necessidade de aprimoramento das políticas de vigilância sanitária.The occurrence of deaths caused by intoxication with medication have been considered a worsening public health problem. The study describes the epidemiological profile of medication-related intoxication in the general Brazilian population from 1996 to 2005. A descriptive study was conducted with mortality data obtained from the Mortality Information System of the Brazilian Ministry of Health. Deaths were selected according to the codes of the International Classification of Diseases (ICD-10. A total of 4,403 deaths were found inn males (53.9%, bachelors (53.7% and the 20 to 39 year-old age bracket (44%. The majority of deaths were caused by intentional self-intoxication using anticonvulsants, sedatives, antiparkinsonians and psychotropics. The standardized mortality rate was higher in the Midwest region and Potential Life-Years Lost

  17. Antes, durante y después de la visita de la "Dama Española": mortalidad por gripa en Boyacá, Colombia, 1912-1927 Antes, durante e depois da visita da "Dama Espanhola": a mortalidade por gripe em Boyacá, Colômbia, 1912-1927 Before, during and after the visit of the "Spanish Lady": mortality by influenza in Boyacá, Colombia, 1912-1927

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abel Fernando Martínez Martín

    2009-12-01

    Full Text Available Describir el impacto de la mortalidad por gripa en el periodo 1912-1927 en 68 municipios de Boyacá, Colombia. Estudio descriptivo, histórico, con enfoque epidemiológico. Se estableció el volumen y estructura de la población y se determinaron tasas de mortalidad para las variables de tiempo, persona y lugar. La gripa estuvo presente antes de la pandemia, se acentuó en 1918 y se volvió endémica hasta 1927. La primera muerte de la pandemia en Colombia se registra en Cartagena. En octubre se registra en Bogotá de donde se extiende a Boyacá. Se identificó un comportamiento polinómico de la pandemia de octubre a diciembre de 1918. Encontramos diferencias significativas en el comportamiento de la pandemia de gripa en Boyacá en comparación con lo descrito en Europa y Norteamérica por la literatura especializada, especialmente lo relacionado con piso térmico, grupos de edad más afectados y ausencia de oleadas.Este artigo descreve o impacto da mortalidade causada pela gripe no período de 1912-1927 em 68 municípios de Boyacá, Colombia. Um estudo descritivo, histórico, com enfoque epidemiológico. Estabelecemos o volume e a estrutura da população e determinamos taxas de mortalidade para as variavéis temporais, pessoais e de lugar. A gripe esteve presente antes do aparecimentos da pandemia, que se agravou em 1918 e se tornou endémica até 1927. A primeira norte causada pela pandemia na Colombia foi registrada em Cartagena. Em outubro registram-se as primeiras em Bogotá de onde se espalham para Boyacá. Identifíca-se um comportamento polinómico da pandemia de outubro a dezembro de 1918. Encontramos diferenças significativas no comportamento da pandemia de gripe em Boyacá em comparação com o que era descrito na Europa e na América do Norte pela literatura especializada, especialmente nas questões relacionadas com a mortalidade relacionada com as altitudes, com as faixas etárias mais afetadas e com o aumento de casos nas zonas

  18. Trauma na gestante: análise da mortalidade materna e fetal Trauma in pregnancy: analysis of maternal and fetal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Corsi

    1999-04-01

    Full Text Available Foram analisadas retrospectivamente 26 pacientes gestantes traumatizadas, num período de nove anos. A média de idade foi 23,7 anos (16-42. A idade gestacional variou de dez a quarenta semanas (média 21,5 semanas; a maioria (46,1% no segundo trimestre. O mecanismo predominante (65,3% foi o trauma abdominal fechado por acidente automobilístico (atropelamento ou colisão. Na admissão, oito (30,7% pacientes apresentavam alterações hemodinâmicas. Seis doentes (23,0% apresentavam sangramento vaginal e, destas, quatro estavam hemodinamicamente normais. Analisamos a mortalidade materna, a mortalidade fetal e suas causas. Comparamos também a mediana dos valores do RTS e TRISS entre os grupos, sobrevida materno-fetal, sobrevida materna e óbito materno-fetal. Todas as gestantes admitidas com sangramento vaginal apresentaram óbito fetal. A mortalidade materna foi de 11,5%, por choque hemorrágico. A mortalidade fetal foi de 30,7%, sendo que 37,5% destes óbitos foram provocados pela morte materna. A principal causa de mortalidade fetal foi o descolamento de placenta (50,0%. Os índices de trauma, RTS e TRISS, foram significativamente menor (p=0,0025 e pTwenty-six traumatized pregnant patients were retrospectively analyzed over a nine year period. The average age was 23.7 years (16-42. Gestational age was 10-40 weeks (average 21.5 weeks, the majority (46.1% being in the second trimester. The predominant mechanism (65.3% was blunt abdominal trauma by automobile accident (collision or running over. During admission, eight (30.7% patients showed hemodynamic alterations. Six patients (23.0% showed vaginal bleeding and of these, four were hemodynamically normal. Median values of RTS and TRISS were also compared among the following groups: maternal-letal survival, maternal survival and maternal-fetal death. All pregnant women admitted with vaginal bleeding showed fetal death. Maternal mortality was caused by hemorrhagic shock in 11.5% of the cases

  19. Data mining to estimate broiler mortality when exposed to heat wave Mineração de dados e estimativa da mortalidade alta de frangos quando expostos a onda de calor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Martinez Vale

    2008-01-01

    rvore de decisão para modelar o impacto da incidência de onda de calor na mortalidade de frangos de corte. O Índice de Temperatura e Umidade (ITU foi utilizado para descrever parte dos dados ambientais. A técnica de Mineração de Dados permitiu a construção de três modelos compreensíveis para estimar a alta mortalidade em frangos de corte. Os modelos gerados pela abordagem de seleção de atributos por Análise dos Componentes Principais e Wrapper apresentaram igual desempenho com uma precisão total de 89,3% e a classificação para alta mortalidade foi de 83,3%. Quando a seleção foi feita por especialistas do domínio, a precisão do modelo foi de 85,7%, e a da classificação para alta mortalidade foi de 76,9%. Resultados meteorológicos e o ITU calculada a partir de estações meteorológicas permitiram identificar condições ambientais prejudiciais para frangos entre 29 e 42 dias de vida. A técnica de Mineração de Dados é aplicável para construir modelos preditivos para a produção animal.

  20. Determinantal invariant gravity

    CERN Document Server

    Pirinccioglu, Nurettin

    2016-01-01

    Einstein-Hilbert action with a determinantal invariant has been considered. The obtained field equation contains the \\texttt{inverse Ricci tensor}, $\\Re_{\\alpha\\beta}$. The linearized solution of invariant has been examined, and constant curvature space-time metric solution of the field equation gives different curvature constant for each values of $\\sigma$. $\\sigma=0$ gives a trivial solution for constant curvature, $R_{0}$.

  1. Análise espacial da mortalidade neonatal precoce no Município do Rio de Janeiro, 1995-1996 Spatial analysis of early neonatal mortality in the municipality of Rio de Janeiro, 1995-1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Lourenço Tavares de Andrade

    2001-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estabelecer a distribuição espacial da mortalidade neonatal precoce (0-3 dias no Município do Rio de Janeiro de 1995 a 1996, visando identificar os fatores mais explicativos das variações espaciais. Considerando os bairros como unidade ecológica de análise, foram analisados indicadores relativos às condições sócio-econômicas e às características das mães dos recém-nascidos por bairro de residência. A análise estatística espacial dos dados foi realizada utilizando as técnicas de Cliff & Ord, apropriadas para "dados de áreas". Por meio do mapa temático da mortalidade de 0-3 dias, observou-se nitidamente a presença de dois aglomerados de taxas elevadas. A dependência espacial foi igualmente constatada pelos resultados da análise estatística. As variáveis que melhor explicaram os aglomerados espaciais foram: "proporção de mães adolescentes", "proporção de pessoas residentes em favelas em 1996" e "proporção de chefes com rendimento até um salário mínimo". A metodologia de estatística espacial permitiu maior compreensão da distribuição geográfica da mortalidade neonatal precoce, e deu margem a outros tipos de investigações, que poderão subsidiar os programas preventivos e contribuir ao declínio da mortalidade infantil.The objective of this study was to establish the spatial distribution of the early neonatal mortality rate (0-3 days in the municipality of Rio de Janeiro for 1995-1996, identifying the best explanatory factors for spatial variations. By considering Rio de Janeiro's 153 neighborhoods as ecological units of analysis, socioeconomic and maternal indicators were analyzed according to place of residence. Spatial statistical analysis was performed using the Cliff & Ord methodology, appropriate for lattice data. From the 0-3 day mortality thematic map, we clearly identified two clusters of high early neonatal mortality rates. Spatial dependence was also confirmed by the

  2. Redução da mortalidade após implementação de condutas consensuais em pacientes com infarto agudo do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bordon Juliana G.

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a mortalidade em 30 dias com a utilização de determinados grupos de medicamentos por pacientes, entre 1992-1997, quando não se dispunham de condutas consensuais para tratamento do infarto agudo do miocárdio, e de 2000-2002, após a padronização dessas condutas em nosso serviço. MÉTODOS: Avaliados, retrospectivamente, no 1º e 2º períodos, 172 e 143 pacientes respectivamente, admitidos com diagnóstico de infarto agudo do miocárdio: foram realizados os testes estatísticos: c² para comparar proporções, teste t de Student e o de Mann-Whitney para comparação de médias ou medianas. RESULTADOS: A análise não mostrou diferença em relação aos homens, brancos e a idade média de 61 anos, nos dois períodos. Com relação aos fatores de risco clássicos, foi observada diferença apenas na incidência de dislipidemia (17 e 29% e, quanto à estratégia terapêutica, aumento significativo do uso de: trombolíticos (39 e 61,5%, ácido acetilsalicílico (70,9 e 96,5%, betabloqueadores (34,8 e 67,8%, inibidor da enzima conversora da angiotensina (45,9 e 74,8%, nitratos (61 e 85,3% e a redução significativa de bloqueadores de cálcio (16,8 e 5,3%, antiarrítmicos (29,1 e 9,7% e diuréticos (50,6 e 26,6%. O uso de inotrópicos não diferiu entre os períodos (29,6 e 32,1%. A mortalidade em 30 dias apresentou redução estatisticamente significante de 22,7 para 10,5%. CONCLUSÃO: A implementação das condutas consensuais para o tratamento do infarto agudo do miocárdio foi acompanhada por significante redução da taxa de mortalidade em 30 dias.

  3. Fatores determinantes para o abandono do tratamento da tuberculose: representações dos usuários de um hospital público

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Sarmento de Couto

    Full Text Available Objetivou-se identificar e analisar os fatores determinantes que levaram os pacientes a abandonarem o tratamento para tuberculose. Estudo exploratório, descritivo e qualitativo, realizado com 15 pacientes internados em um hospital de João Pessoa (PB, Brasil. Utilizou-se uma entrevista semiestruturada e a análise de conteúdo de Bardin. Os motivos elencados foram etilismo, uso de drogas, reações adversas, problemas socioeconômicos, motivos religiosos, dificuldades de acesso ao tratamento, vínculo com os profissionais de saúde, e a sensação de cura antes do término do tratamento. A tuberculose ainda carece de atenção pelos gestores e o abandono do tratamento interfere no processo de cura.

  4. Crenças determinantes da intenção da enfermeira acerca da presença dos pais em unidades neonatais de alto-risco Creencias determinantes de la intención de la enfermera acerca de la presencia de los padres en los centros neonatales de alto riesgo Beliefs determining the nurse's intention concerning the presence of parents in neonatal intensive care units

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lisabelle Mariano Rossato-Abéde

    2002-01-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo conhecer as crenças, as atitudes e as normas sociais determinantes da intenção da enfermeira em possibilitar a presença dos pais em unidades neonatais de alto-risco. O conteúdo de entrevistas semi-estruturadas com 11 enfermeiras foi analisado tendo como referencial teórico a Teoria da Ação Racionalizada. Os núcleos temáticos permitiram compreender a relação existente entre a intenção e o comportamento da enfermeira em permitir a presença dos pais na UTI Neonatal e a influência das crenças pessoais e das normas subjetivas no comportamento da enfermeira.El presente estudio tiene como objetivo conocer las creencias, actitudes y normas sociales que determinan la intencionalidad de la enfermera para posibilitar que los padres estén presentes en las unidades neonatales de alto riesgo. El contenido de entrevistas, semi-estructuradas, realizadas con 11 enfermeras fue analizado teniendo como referencial teórico la Teoría de la Acción Racionalizada. Los núcleos temáticos permitieron comprender la relación existente entre la intención y el comportamiento de la enfermera para permitir la presencia de los padres en la UCI Neonatal y la influencia de las creencias personales y de las normas subjetivas en el comportamiento de la enfermera.This study aims at learning about the beliefs, attitudes and social rules which determine the nurse's intention to allow the presence of parents in Neonatal Intensive Care Units. The content of semi-structured interviews conducted with 11 nurses was analyzed by using the Rationalized Action Theory as a theoretical framework. The thematic units enabled the comprehension of the relationship between the nurse's intention and behavior when allowing the presence of parents in Neonatal Intensive Care Units as well as the influence of the nurse's personal beliefs and subjective norms on her behavior.

  5. Comparação de métodos de regressão multivariada no estudo de determinantes da cárie dentária em crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Maria Dantas Cabral de Melo

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivos: comparar resultados com modelos multivariados hierarquizados e convencionais na investigação de determinantes da cárie dentária em crianças. Métodos: analisou-se dados de um inquérito em crianças assistidas pela Estratégia Saúde da Família do Recife, Pernambuco, conduzido em 2006. A variável dependente foi a prevalência de cárie (ceo-d≥1; As variáveis independentes foram ordenadas em blocos: socioeconómico, contexto de vida/familiar, cuidado em saúde bucal. Variáveis estatisticamente associadas a ceo-d ≥1 em análises univariadas, com um nível de significância dep≤0,20, foram incluídas nos modelos multivariados. No modelo hierarquizado, a ordem de inclusão das variáveis foi orientada por um modelo conceitual multidimensional. Variáveis associadas a um nível de p≤0,10 foram mantidas no modelo final. No modelo logístico convencional as variáveis significantes nas análises univariadas foram simultaneamente incluídas e ajustadas. Variáveis associadas ao ceo-d com p≤0,10 foram mantidas. Resultados: no modelo convencional foram fatores associados ao ceo-d≥1: alta densidade domiciliar, baixa escolaridade do cuidador; estudar em escolas públicas, procurar tratamento/emergência, ingerir doces. No modelo hierarquizado, além desses fatores, foram mantidos no modelo final a ocupação do pai e a escolaridade da mãe. Conclusões: a análise hierarquizada possibilitou identificar os determinantes distais, que exerceram influências sobre os de níveis inferiores e destes sobre o desfecho, permitindo uma discussão mais contextualizada do problema.

  6. Cervical cancer mortality trends in Brazil, 1981-2006 Evolução da mortalidade por câncer do colo do útero no Brasil, 1981-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulnar Azevedo e Silva

    2010-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to describe cervical cancer mortality trends in Brazil for the period 1981-2006. Cervical cancer mortality was corrected on the basis of proportional redistribution of the deaths from "malignant neoplasm of uterus, part unspecified". Time trends were evaluated by means of simple linear regression. After correction, cervical cancer ranked second among the leading causes of death from cancer in the female population up to 2005, with a downward trend for the country as a whole, a decline in the State capitals, and a stable trend in the municipalities in the interior. A downward trend was confirmed in the State capitals in all geographic regions of the country. In the municipalities in the interior, there was an increase in the North and Northeast regions, a decline in the Southeast and South, and a stable trend in the Central-West. Although uneven, the decline began to take consistent shape in the country. Even better results could be achieved by investing in the expansion of screening coverage, especially among the populations at greatest risk.Este estudo objetivou descrever a evolução da mortalidade por câncer do colo do útero no Brasil, entre 1981-2006. Foi efetuada correção da mortalidade por esse câncer com base na redistribuição proporcional dos óbitos por câncer do útero, "porção não especificada". A tendência temporal foi avaliada por meio de regressão linear simples. Após correção, as taxas de mortalidade por câncer do colo do útero passaram a ocupar o segundo lugar entre os principais cânceres na população feminina até 2005, com tendência decrescente para o país como um todo, queda nas capitais e estabilidade nos municípios do interior. Confirmou-se tendência decrescente nas capitais em todas as regiões do país. Já nos municípios do interior, houve aumento nas regiões Norte e Nordeste, declínio nas regiões Sudeste e Sul e estabilidade no Centro-oeste. A queda observada, mesmo

  7. Estudio longitudinal de mortalidad de adultos costarricenses 1984-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Rosero-Bixby

    2010-01-01

    Full Text Available Se describen los procedimientos y se presentan algunos resultados del "estudio longitudinal de mortalidad de adultos costarricenses" (ELMAC, consistente en una muestra de cerca de 20.000 costarricenses de 30 o más años de edad del censo de población de 1984 seguidos hasta fines de 2007. El Instituto Nacional de Estadística y Censos (INEC digitalizó los nombres de la boleta censal de los individuos en la muestra. Procesos informáticos depuraron los nombres y los enlazaron al número único de identificación ¿el número de cédula¿ del Registro Civil. El empate se efectuó en el 87% de la muestra. Los individuos identificados se siguieron en las bases de datos del Registro Civil para establecer su sobrevivencia. Se identificaron más de 5.000 defunciones entre el censo de 1984 y diciembre de 2007. Procesos informáticos adicionales enlazaron 92% de estas defunciones con las de las estadísticas vitales del INEC que contienen el dato de la causa de defunción. El patrón de mortalidad de la muestra, que comprende 373.000 personas-años de observación, reproduce bien las tasas de las tablas de mortalidad del país. Las gradientes socioeconómicas de la mortalidad en esta muestra no son sensibles a posibles errores en los empates o en las imputaciones efectuadas. La muestra confirma la excepcionalmente baja mortalidad de los adultos costarricenses, especialmente de los varones. Esta muestra abre la puerta para que se efectúen variedad de análisis de los determinantes socioeconómicos de la mortalidad de adultos en Costa Rica, algo rara vez intentado en un país en desarrollo.

  8. Estudio longitudinal de mortalidad de adultos costarricenses 1984-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosero-Bixby, Luis

    2010-01-01

    Full Text Available Se describen los procedimientos y se presentan algunos resultados del “estudio longitudinal de mortalidad de adultos costarricenses” (ELMAC, consistente en una muestra de cerca de 20.000 costarricenses de 30 o más años de edad del censo de población de 1984 seguidos hasta fines de 2007. El Instituto Nacional de Estadística y Censos (INEC digitalizó los nombres de la boleta censal de los individuos en la muestra. Procesos informáticos depuraron los nombres y los enlazaron al número único de identificación –el número de cédula– del Registro Civil. El empate se efectuó en el 87% de la muestra. Los individuos identificados se siguieron en las bases de datos del Registro Civil para establecer su sobrevivencia. Se identificaron más de 5.000 defunciones entre el censo de 1984 y diciembre de 2007. Procesos informáticos adicionales enlazaron 92% de estas defunciones con las de las estadísticas vitales del INEC que contienen el dato de la causa de defunción. El patrón de mortalidad de la muestra, que comprende 373.000 personas-años de observación, reproduce bien las tasas de las tablas de mortalidad del país. Las gradientes socioeconómicas de la mortalidad en esta muestra no son sensibles a posibles errores en los empates o en las imputaciones efectuadas. La muestra confirma la excepcionalmente baja mortalidad de los adultos costarricenses, especialmente de los varones. Esta muestra abre la puerta para que se efectúen variedad de análisis de los determinantes socioeconómicos de la mortalidad de adultos en Costa Rica, algo rara vez intentado en un país en desarrollo.

  9. Boa noite, e boa sorte: determinantes da demissão de ministros envolvidos em escândalos de corrupção no primeiro governo Dilma Rousseff

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cletiane Medeiros Araújo

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Quais os determinantes para demissão de ministros? Este artigo analisa a onda de escândalos de corrupção envolvendo ministros do primeiro governo Dilma Rousseff. O desenho de pesquisa combina estatística descritiva e análise multivariada para testar as hipóteses de que notícias sobre escândalos políticos, competição política e gerenciamento da coalizão impactam positivamente na probabilidade de o ministro denunciado deixar a pasta ministerial. O estudo foi realizado a partir da construção de uma base de dados, para a qual foram coletadas 677 notícias de três jornais de larga circulação nacional, a saber: Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo, ao longo dos 17 primeiros meses do governo. Os resultados apontam que quanto maior o número de matérias sobre os escândalos de corrupção do ministro denunciado maior a probabilidade de ele ser demitido. Espera-se, através deste estudo de caso, contribuir para a agenda de pesquisa sobre a relação escândalos políticos/instituições democráticas/accountability, buscando situar esse fenômeno na democracia brasileira recente.

  10. Análise quantitativa sobre a mortalidade precoce de micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo A quantitative analysis of the premature mortality of small companies in the city of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Fernando Filardi Ferreira

    2012-12-01

    Full Text Available O vigor da economia de vários países tem origem no sucesso de pequenas empresas. No Brasil, o Estado de São Paulo concentra mais da metade das empresas brasileiras de pequeno porte. Assim sendo, estudos sobre o sucesso ou o insucesso de micro e pequenas empresas têm sua relevância enaltecida. Este estudo busca apresentar uma análise quantitativa e qualitativa sobre os fatores associados à mortalidade precoce das micro e pequenas empresas. Para tanto, realizou-se uma pesquisa com os gestores de micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo que encerraram suas atividades. Para análise quantitativa da amostra, que apresenta representatividade estatística, utilizou-se de técnicas de análise multivariada. Como principal resultado, pode-se destacar que os fatores associados à mortalidade são preponderantemente de natureza estratégica, o que contraria o senso comum que professa a insuficiência de recursos como principal motivador da falência das pequenas empresas. Tal resultado tem importância para orientar as políticas públicas, os empreendedores e as agências de fomento para a formulação de suas estratégias no sentido do desenvolvimento de competências administrativas para o sucesso das micro e pequenas empresas brasileiras.The economic vigor of many countries is due to the success of small businesses. In Brazil, Sao Paulo state concentrates more than half of Brazilian small businesses. Therefore, studies dealing with high or low performance of micro and small businesses are of great relevance. This study aims at presenting a quantitative and qualitative analysis of factors associated to premature mortality of micro and small businesses in the city of Sao Paulo. For the quantitative analysis of the sample, which is statistically significant, multivariate analysis was used. The main result of this investigation is that factors associated with mortality are mainly of strategic nature, contrary to the common belief that

  11. Padrões espaço-temporais da mortalidade por câncer de pulmão no Sul do Brasil Space-time analysis of lung cancer mortality in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Silva Monteiro de Castro

    2004-06-01

    Full Text Available As neoplasias representam a segunda causa mais comum de mortalidade no Brasil, juntamente com as chamadas causas externas. Dentre as neoplasias, o câncer de pulmão é um dos mais freqüentes, tanto em homens quanto em mulheres, e é também um dos que apresentam maior letalidade. Além disso, o risco atribuível do tabagismo como agente etiológico deste câncer é bastante alto, o que o torna potencialmente susceptível a medidas preventivas de saúde pública. O objetivo deste trabalho foi analisar os padrões espaço-temporais de câncer de pulmão em quatro Estados brasileiros (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e São Paulo, no período de 1996 a 2000. Os valores observados foram obtidos do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde. Os valores esperados foram calculados utilizando-se a técnica de padronização indireta segundo sexo e faixa etária. As unidades geográficas utilizadas foram microrregiões definidas pelo IBGE. Foi utilizado um modelo bayesiano que permite interação espaço-temporal, ajustado através do software WinBUGS. Os resultados encontrados mostraram que no sul do Brasil existe um padrão em "U" nas razões de mortalidade por câncer de pulmão para homens, além de indicar áreas específicas que apresentaram riscos mais elevados e/ou maior ritmo de crescimento. A principal hipótese para este resultado seria diferentes incidências de tabagismo, mas a inexistência desta informação de abrangência regional impediu que esta variável fosse incluída na análise. Os resultados deste artigo podem ser utilizados para instruir políticas públicas voltadas para a redução do tabagismo e da mortalidade por câncer de pulmão.Neoplasms are the second most common mortality cause in Brazil, together with injuries and accidents. Amongst the neoplasms, lung cancer is one of most frequent in men and in women, and it is also one of the most lethal. Moreover, the attributed risk of tobacco as

  12. Estimativas da mortalidade infantil no Brasil, década de oitenta: proposta de procedimento metodológico Estimates of infant mortality in Brazil in the 80's: a proposal for a methodological procedure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Landmann Szwarcwald

    1995-12-01

    Full Text Available Propõe-se um procedimento para a estimativa da mortalidade infantil, no Brasil, na década de 80, baseado apenas na distribuição etária dos óbitos registrados, possibilitando o acompanhamento da evolução deste indicador de forma contínua, ano a ano, em diversas subáreas do País. Analisa-se a distribuição espaço-temporal das principais causas de óbito e discute-se a sensibilidade do risco de morrer entre os menores de um ano face às condições de vida da população brasileira, no período de 1979 a 1989.A procedure for the estimation of the infant mortality rate in Brazil, in the 1980's, based only on the age distribution of registered deaths, is here proposed. Using this technique, it is possible to estimate the probabilities of dying in the first year of life in a continuous way, year by year, for different regions of the country. The space-time distribution of the main causes of infant deaths is analysed and the relevance of using this coefficient to express the social and economic conditions of the Brazilian population from 1979 to 1989 is discussed.

  13. INTERNAL AND EXTERNAL DETERMINANTS OF INNOVATION CAPABILITY IN PORTUGUESE SERVICES FIRMS: A LOGIT APPROACH DETERMINANTES INTERNOS Y EXTERNOS DE LA CAPACIDAD DE INNOVAR DE LAS EMPRESAS DE SERVICIOS PORTUGUESAS: MODELO LOGIT DETERMINANTES INTERNOS E EXTERNOS DA CAPACIDADE INOVADORA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS PORTUGUESAS: MODELO LOGIT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Silva

    2013-01-01

    propensión de las empresas para innovar en los servicios. Los resultados permiten un análisis conjunto de los factores que impulsan y restringen la capacidad innovadora de las empresas de servicios, permitiendo identificar los principales determinantes  de esa capacidad e incrementar el conocimiento sobre la innovación en los servicios. La contribución de los resultados es la identificación de los factores que son realmente relevantes en el estímulo a la  innovación en las mencionadas empresas.Esta investigação analisou o grau de importância dos factores internos e externos determinantes da capacidade inovadora empresarial no âmbito das empresas de serviços portuguesas. Com base na literatura, construiu-se um modelo conceptual e formularam-se várias hipóteses de investigação que foram testadas empiricamente, utilizando-se os dados secundários facultados pelo “Observatório da Ciência e do Ensino Superior” (OCES, pertencentes ao 4º Inquérito Comunitário à Inovação (CIS 4, sob a supervisão do EUROSTAT. O método utilizado foi a regressão logística. De acordo com os resultados obtidos, quanto maiores forem os investimentos financeiros em actividades internas de investigação e desenvolvimento, em aquisição de conhecimentos externos e em actividades de marketing, maior será a propensão das empresas para inovar nos serviços. Os resultados permitem uma  análise conjunta dos factores que impulsionam e restringem a capacidade inovadora das empresas de serviços, possibilitando identificar seus principais determinantes e incrementar o conhecimento sobre a inovação dos serviços. A contribuição dos resultados é a identificação dos fatores que são realmente relevantes no estímulo à inovação nas empresas de serviços.

  14. Mortality by filarial nematodes in passeriformes of species Oryzoborus maximiliani in Brazil Mortalidade por nematódeos filarióides em passeriformes da espécie Oryzoborus maximiliani no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.R.S. Martins

    2000-04-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de filariose em passeriformes da espécie Oryzoborus maximiliani (bicudo mantidos em cativeiro. Os sinais clínicos incluiram insuficiência respiratória e prostração, evoluindo para decúbito lateral e morte. Todos os indivíduos capturados adoeceram e morreram em poucos dias. As lesões mais significativas foram encontradas nos pulmões, que estavam acinzentados na região adjacente ao saco aéreo abdominal. Impressões do pulmão observadas ao microscópio em 100 aumentos permitiram a visualização de grande número de formas alongadas típicas de nematódeo. Considerando suas dimensões e os relatos da literatura consultada, especulou-se a possibilidade de filariose. As condições de estresse de captura e cativeiro podem ser determinantes do quadro agudo observado, o que permite sugerir esta suspeita em casos semelhantes. Considera-se importante, entretanto, a possibilidade de a manifestação clínica na forma crônica ou assintomática poder ser mais comum que a aguda.

  15. Queimaduras em crianças e adolescentes: análise da morbidade hospitalar e mortalidade Quemaduras en niños y adolescentes: análisis de la morbilidad hospitalaria y de la mortalidad Burns in children and adolescents: hospital morbidity and mortality analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christine Baccarat de Godoy Martins

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a incidência hospitalar e a mortalidade por queimadura em menores de 15 anos, residentes em Londrina, atendidos em pronto-socorro, internados ou que foram a óbito em 2001. MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal e descritivo, cujos dados de morbidade foram obtidos nos serviços de emergência e internação dos cinco hospitais de Londrina e os de mortalidade no Núcleo de Informação em Mortalidade do município. Para análise e tratamento dos dados, utilizou-se o programa computacional Epi-Info - versão 6.0.d. RESULTADOS: Foram estudados 182 casos de menores de 15 anos vítimas de queimadura: 82,4% por substância quente / fonte de calor; 14,3% por exposição à fumaça / fogo / chama; 3,3% por exposição a corrente elétrica. Predominou o sexo masculino (56,6% e a idade de um ano (6,1 por 1000 crianças. A taxa de internação foi de 12,6%, ocorrendo um óbito. O período de internação foi de um a três dias em 56,5% dos casos. CONCLUSÕES: Os achados contribuem para ampliar o conhecimento epidemiológico de tais eventos, reforçando a necessidade da prevenção.OBJETIVO: Analizar la incidencia hospitalaria y la mortalidad por quemadura en menores de 15 años, residentes en Londrina, atendidos en el servicio de emergencia, internados o que murieron en el 2001. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal y descriptivo, cuyos datos de morbilidad fueron obtenidos en los servicios de emergencia e internamiento de los cinco hospitales de Londrina y los de mortalidad en el Núcleo de Información en Mortalidad del municipio. Para el análisis y tratamiento de los datos, se utilizó el programa Epi-Info - versión 6.0.d. RESULTADOS: Fueron estudiados 182 casos de menores de 15 años víctimas de quemadura: 82,4% por sustancia caliente / fuente de calor; 14,3% por exposición al humo/ fuego / llama; 3,3% por exposición a la corriente eléctrica. Predominó el sexo masculino (56,6% y la edad de un año (6,1 por 1,000 ni

  16. Perfil da mortalidade materna em maternidade pública de Teresina - PI, no Período de 1996 a 2000: uma Contribuição da Enfermagem Perfil de la Mortalidad Materna en la Maternidad Pública de Teresina - PI (Brasil, en el Periodo de 1996 a 2000: una Contribución de la Enfermería Maternal profile Mortality in a Public Maternity of Teresina - PI (Brazil, in the Period between 1996 and 2000: a Nursing Contribution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Maria do Nascimento

    2007-09-01

    Full Text Available Estudo quantitativo retrospectivo com objetivo de caracterizar o perfil da mortalidade materna em uma maternidade pública de Teresina-PI, no período de 1996 a 2000. O universo constou de 107 óbitos maternos, cujos instrumentos foram: prontuários, declarações dos óbitos, livro de registros e relatórios da enfermagem, coletados em setembro a dezembro de 2004 em formulário estruturado. Os dados relativos aos aspectos socioeconômicos e pessoais revelaram como procedência os Estados: Piauí (73, 33 da capital e 40 de outras cidades; Maranhão (33; e Pará (1. A maioria das mulheres era casada, tinha idade entre 20 e 30 anos, um a três filhos, ensino fundamental incompleto e era do lar. Os dados obstétricos na maioria revelaram a não-realização de seis consultas pré-natais, era a primeira gravidez, parto cesariano e admissão em estado grave. Destacaram-se como causas dos óbitos: infecções, hipertensão e hemorragias. Conclui-se que a mortalidade materna é problema grave, necessitando melhoria assistencial nos serviços de saúde.Estudio cuantitativo y retrospectivo, que objetivó caracterizar el perfil de la mortalidad materna de una maternidad pública en Teresina PI (Brasil, en el periodo de 1996 hasta 2000. El universo fue compuesto por 107 muertes maternas, cuyos instrumentos fueron: prontuarios, declaración de muertes, libros de registros y relatos de la enfermería, colectados en septiembre y diciembre de 2004 en formulario estructurado. Los datos relativos a los aspectos socioeconómico y personales revelaran como origen los Estados: Pará (01, Maranhão (33 y Piauí (73 de estos 33 de Teresina y 40 del interior. La mayoría de las mujeres era casada, tenía edad entre 20 y 30 años, de uno a tres niños, la educación básica incompleta, trabajadoras del hogar. Los datos de la obstetricia habían demostrado que la mayoría no realizaron seis consultas prenatales, estaban en el primer embarazo, parto cesariano y admitido

  17. Qualidade da informação sobre mortalidade numa coorte de diabéticos - Estado do Rio de Janeiro, 2000 a 2003 Quality of mortality information in a diabetes cohort - State of Rio de Janeiro, 2000 to 2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Maria Cascão

    2012-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM em uma coorte especial de pacientes hospitalizados pelo Sistema Único de Saúde (SIH-SUS que sofreram amputação de membros inferiores (AMI devido ao diabetes mellitus (DM em 2000, e comparar a mortalidade por causas da coorte com a da base populacional do Estado do Rio de Janeiro (ERJ de 2000 a 2003. MÉTODOS: Os dados foram gerados a partir do relacionamento entre as bases de dados do SIH-SUS (2000 e do SIM (2000-2003. Foram excluídos os registros de indivíduos com menos de 30 anos e para análise de menção de DM, óbitos por causa básica (CB não natural. A mortalidade foi analisada segundo causas da coorte especial e da base populacional. Os marcadores de qualidade do SIM na coorte foram a proporção de causas mencionadas de morte por DM e a proporção de CB mal definidas (MD e, na base populacional, apenas o último. RESULTADOS: 38,0% dos indivíduos da coorte (n = 977 morreram nos quatro anos subsequentes à AMI devido ao DM, sendo que 49,1% desses no primeiro ano. As doenças endócrinas, nutricionais e metabólicas (41,5%, do aparelho circulatório (28,5% e as causas MD (8,1% foram as primeiras CB de morte. O DM foi mencionado 41,0% como CB, 1,6% como causa consequencial e 10,0% como contribuinte entre os óbitos pelas demais CB naturais nas declarações de óbito. Na base populacional, a mortalidade proporcional por causas MD foi 11,8% . CONCLUSÃO: O elevado risco de morte, o perfil de causas de morte e a sub-declaração do DM no atestado de óbito dos diabéticos tiveram resultados semelhantes aos de outros estudos de base populacional. A qualidade da certificação das causas de morte preenchidas nas declarações de óbito da coorte especial foi considerada ruim. É necessário um grande investimento para melhorar a qualidade da certificação das causas de mortes com o correto preenchimento do atestado de óbito pelos médicos e da codifica

  18. Os fatores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros: vínculo contratual, incentivos salariais ou reconhecimento profissional Los factores determinantes de la rotatividad externa de los enfermeros: vínculo contractual, incentivos salariales o reconocimiento profesional The main determinants of nursing turnover: contractual obligation, wage benefits or professional recognition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Poeira

    2011-07-01

    Full Text Available Nos últimos anos as organizações de saúde, a profissão e a carreira de enfermagem sofreram um conjunto de alterações estruturais, processuais e políticas. Estas alterações influenciaram a dinâmica e a estabilidade do futuro dos enfermeiros contribuindo para a ocorrência de altas taxas de rotatividade -com impactos potencialmente negativos no grupo de trabalho e na organização. O estudo pretende identificar os fatores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros. A investigação baseia-se num questionário aplicado a uma amostra de 772 enfermeiros a desempenhar funções no Hospital de Santa Maria. As hipóteses formuladas no estudo foram analisadas através de testes não-paramétricos. Os resultados sugerem que a necessidade de adquirir novas competências profissionais e de desenvolver um trabalho mais desafiante constituem fatores relevantes na explicação da rotatividade em enfermagem. Os fatores contratuais e remuneratórios são de extrema importância para explicar o fenómeno em causa, especialmente, para o grupo de enfermeiros contratados.En los últimos años las organizaciones de la salud, la profesión y la carrera de enfermería han sufrido un conjunto de alteraciones estructurales, políticas y en su forma de proceso. Estas alteraciones han influenciado la dinámica y la estabilidad del futuro de los enfermeros contribuyendo así al surgimiento de altas tasas de rotatividad - con impactos potencialmente negativos en el grupo de trabajo y en la organización. El estudio pretende identificar los factores determinantes de la rotatividad externa de los enfermeros. La investigación se basa en un cuestionario aplicado a una muestra de 772 enfermeros que ejercen en el Hospital de Santa María. Las hipótesis formuladas en el estudio fueron analizadas mediante tests no-paramétricos. Los resultados sugieren que la necesidad de adquirir nuevas competencias profesionales y de desarrollar un trabajo más desafiante

  19. Intervenções benéficas durante o parto para a prevenção da mortalidade materna Beneficial interventions during delivery for the prevention of maternal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    2005-06-01

    Full Text Available O caráter multifatorial das complicações e da mortalidade materna torna difícil e demorada a tarefa de seu controle a longo prazo. A atenção profissional à mulher gestante e/ou parturiente representa seguramente elemento chave para a obtenção de bons resultados, tanto maternos quanto perinatais. Partindo-se do pressuposto de que atenção médica profissional ao parto de maneira adequada tem a capacidade de diminuir a ocorrência de complicações associadas à morbidade e mortalidade materna, são apresentadas resumidamente as evidências sobre algumas intervenções incluídas nesta atenção. São enfocadas as evidências derivadas de estudos realizados com extremo rigor metodológico e científico, os ensaios controlados randomizados, sobre intervenções capazes de reduzir as complicações e a mortalidade materna. Estas principais intervenções referem-se basicamente a: atenção institucional ao parto, atendimento profissional capacitado, utilização de parteiras tradicionais em determinados contextos, uso de tecnologias apropriadas incluindo o partograma, local do parto, posição para o parto, uso de episiotomia, tipo de parto, uso de ocitócicos na fase ativa do parto, realização de esforços de puxo no período expulsivo, manejo da dequitação e profilaxia da hemorragia puerperal. Ainda que o efeito de prevenir mortes seja difícil de ser avaliado pela baixa freqüência, sua utilização de forma racional e padronizada, por meio de manuais e normatizações de condutas de serviços, tem um efeito positivo sobre a qualidade da atenção ao nascimento. Isso faz parte do contexto técnico e humano do direito que toda mulher tem ao melhor atendimento possível nesse momento tão especial de sua vida.The multiple factors involved in maternal complications and maternal mortality make the task of their long-term control difficult and time-consuming. Professional care for pregnant women and/or those in labor certainly

  20. Mortalidade relacionada ao tratamento endovascular do aneurisma da aorta abdominal com o uso dos modelos revisados Procedure-related mortality of endovascular abdominal aortic aneurysm repair using revised reporting standards

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gosen Gabriel Konig

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo do estudo foi avaliar a definição da mortalidade relacionada ao procedimento após tratamento endovascular do aneurisma de aorta abdominal (EVAR como definido pelo Committee for Standardized Reporting Practices in Vascular Surgery. MÉTODO: Dados de pacientes com aneurisma de aorta abdominal foram analisados do banco de dados EUROSTAR. Os pacientes foram submetidos ao EVAR entre junho de 1996 a fevereiro de 2004 e foram estudados retrospectivamente. A probabilidade explicita da causa de morte foi registrada. O intervalo entre a operação, alta hospitalar ou intervenção secundária até a morte foi registrado. RESULTADOS: De um total de 5612 pacientes, 589 (10,5% faleceram após o EVAR em acompanhamento total e qualquer causa de morte foi inclusa. Cento e quarenta e um pacientes (12,5% morreram devido a causa relacionada ao aneurisma, sendo que 28 (4,8% foram rupturas, 25 (4,2% infecções do implante e 88 (14,9% foram pacientes que morreram num prazo de 30 dias após o procedimento inicial (definição atualmente utilizada, também conhecido como resultado clínico a curto prazo. Além disso, 25 pacientes faleceram após 30 dias, mas continuavam ainda hospitalizados (ou transferidos a home-care para reavaliação posterior, ou necessitaram intervenção secundária. Levando em conta a duração da admissão ao hospital e a mortalidade imediata após o procedimento relacionada a intervenções secundárias, 49 mortes tardias também podem ser relacionadas ao EVAR. CONCLUSÃO: Morte tardia compõe uma proporção considerável da mortalidade relacionada ao EVAR dentro do tempo de análise revisado.OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the definition of Procedure-related mortality after endovascular aneurysm repair (EVAR as defined by the Committee for Standardized Reporting Practices in Vascular Surgery. METHODS: Data on patients with an AAA were taken from the EUROSTAR database. The patients underwent EVAR

  1. Padrão de mortalidade da comunidade judaica de Belo Horizonte no século XX Mortality pattern of jewish community of Belo Horizonte in the XXth century

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Balabram

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Fatores genéticos e ambientais são conhecidos por sua importância na gênese de grande parte das doenças. É possível estudá-los pela observação da prevalência de agravos nas populações, bem como das causas de mortalidade, buscando-se uma correlação com os hábitos sociais e origens étnicas e familiares dos indivíduos. Nestes estudos, destacam-se as comunidades nas quais podem-se verificar vínculos sociais e genéticos entre seus membros. A comunidade judaica de Belo Horizonte se encaixa nesses critérios. Ela se consolidou na década de 20 do século passado e, atualmente, a Federação Israelita de Minas Gerais (FISEMG tem cadastro de aproximadamente 600 famílias. Este estudo pretende definir o padrão de mortalidade nessa comunidade, e como ele se modificou a partir de sua formação. MÉTODOS: Foram recuperados dados a partir dos arquivos do Instituto Histórico Israelita Mineiro, da FISEMG e dos Cemitérios Israelita e do Bonfim, oriundos de registros históricos e guias de sepultamento, no período de 1926 a 2003. RESULTADOS: Foram estudados 601 registros de óbitos, sendo 61,6% de homens e 38,4% de mulheres. As doenças infecto-parasitárias, dentre elas a tuberculose, ocorreram com maior freqüência nas décadas de 30 e 40 e decresceram nas décadas seguintes. As doenças do aparelho circulatório foram as causas de óbito mais prevalentes a partir da década de 40. CONCLUSÃO: Houve mudança nos padrões de mortalidade da população judaica de Belo Horizonte.OBJECTIVE: Genetic and environmental factors are known for their importance in the genesis of the majority of diseases. It is possible to study them through the observation of prevalence of diseases, and also the mortality causes, relating it to social habits and ethnical and familial origins of the individuals. In those studies, communities in which there are social and genetic links stand out. The jewish community of Belo Horizonte fits these criteria

  2. Determinantes para o alinhamento entre a gestão da manutenção industrial e o planejamento estratégico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira dos Santos

    2017-05-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo apresentar uma proposta de desenvolvimento da gestão de manutenção industrial tendo o alinhamento ao planejamento estratégico como ponto central. Para responder aos objetivos específicos traçados de identificar a importância do alinhamento entre a gestão da manutenção com o planejamento estratégico da empresa, apresentar tipos de indicadores, identificar a importância dada pela empresa em relação ao alinhamento entre os objetivos de manutenção e o planejamento estratégico e analisar a competitividade estratégica das práticas de gestão da manutenção da empresa, utilizouse a metodologia de revisão da literatura e um estudo de caso. O mesmo foi utilizado como complemento e a analogia para com a situação real do caso em questão, para o qual foi elaborada e aplicada uma entrevista em profundidade com abordagem de ordem qualitativa. Conclui-se que o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico é de grande importância para sobrevivência da empresa, que a competitividade estratégica do setor de manutenção é fraca no momento atual e que a empresa passa por uma fase inicial em busca do alinhamento entre as áreas. Assim como, pode-se concluir que o conhecimento do planejamento, a criação de objetivos e indicadores ligados ao planejamento estratégico e a definição de caminhos estratégicos para o setor são fatores críticos para se conduzir o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico da empresa.

  3. Doenças cerebrovasculares como causa múltipla de morte em Salvador: magnitude e diferenças espaciais da mortalidade omitida nas estatísticas oficiais Spacial differences in the mortality by cerebrovascular disease as underlying and as associated cause of death, Salvador - Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ines Lessa

    1993-09-01

    Full Text Available Através de estudo descritivo de agregado (ecológico espacial foram determinadas as desigualdades sociais da mortalidade por doenças cerebrovasculares (DCV em Salvador, quantificada a parcela da mortalidade omitida nas estatísticas oficiais e identificadas zonas prioritárias para intensificação de ações preventivas. Foram incluídos no estudo todos os óbitos de adultos, de 1988, com menção de DCV como causa básica e como causa associada de morte, distribuídas conforme procedência por 66 zonas da cidade. Com a inclusão das DCV associadas detectou-se aumento de 29,10% na mortalidade. Os coeficientes variaram entre 22,94 a 376,62/100000 adultos e a variação média do excesso de mortalidade ficou entre 16,12 e 33,72%. Das 16 zonas com mortalidade elevada e prioritárias para intensificação de intervenções preventivas, 7 foram consideradas com mortalidade excepcionalmente elevada por terem ultrapassado o coeficiente de Salvador em 1,64 vezes o seu desvio» padrão corrigido. Os autores sugerem possíveis explicações para as desigualdades espaciais da mortalidade pelas DCV.Social inequalities and the excess (% in mortality by cerebrosvascular diseases (CVD unregistered in the official death statistics were studied in Salvador, Brazil, 1988. In an ecological spacial (aggregate desing, all death mentioning CVD as basic and as associated cause of death were reviewed and distributed, according to their addresses by 66 geographical zones. The mortality nates by CVD (basie+associated ranged from 22.94 to 376.62/ 100000 adults. The mortality fraction not included in the official statistics was 29.1% for Salvador with means between 16.12 and 33.72% in the group of zones of very low to those in the high mortality levels. Seven out of 16 zones included in the 4th quantil showed exceptionally high mortality rates (above those of Salvador + 1.64 X standard deviation corrected by the zones population. The authors discuss possible

  4. Mortalidade materna no estado da Paraíba: associação entre variáveis Mortalidad materna en el estado de Paraíba-Brasil: asociación entre variables Maternal mortality in the state of Paraíba-Brazil: association between variables

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina da Nóbrega Marinho

    2010-09-01

    Full Text Available A mortalidade materna tem se constituído em um dos problemas prioritários de saúde pública, afetando diretamente as mulheres no ciclo grávido puerperal pertencentes às classes sociais menos favorecidas. Diante desta situação o objetivo deste estudo consistiu em identificar associações entre a raça de mulheres residentes no estado da Paraíba, e as variáveis grupo etário, escolaridade e tipo de óbito das mulheres que foram a óbito por morte materna no período de 2000 a 2004. Trata-se de um estudo transversal, cuja fonte de dados constituiu-se de 109 declarações de óbitos maternos. Procedeu-se a uma análise estatística bivariada e multivariada, para avaliar a associação existente entre as variáveis através da regressão logística múltipla. Calculou-se o odds ratio para investigar a associação entre as variáveis. Observou-se que não houve significância estatística entre as variáveis raça e idade, bem como por escolaridade, mas houve indícios significativos de que as mulheres não brancas da Paraíba tiveram mais chance de morrer por morte obstétrica direta (OR=3,55; IC:1,20-10,5. Os resultados mostraram que o risco de mortalidade materna na Paraíba foi maior entre as mulheres não brancas, configurando-se em importante expressão de desigualdade social.La mortalidad materna se ha constituido en uno de los problemas prioritarios de la salud pública, afectando directamente a mujeres en el ciclo grávido-puerperal, pertenecientes a las clases sociales menos favorecidas. Ante esta situación, el objetivo de este estudio consistió en identificar asociaciones entre la raza de mujeres residentes en el estado de Paraíba - Brasil y las variables de grupo etario, escolaridad, y tipo de defunción de las mujeres que fallecieron por muerte materna en el período de 2000 a 2004. Se trata de un estudio transversal, en el que se utilizaron como fuente de datos 109 partidas de defunción maternas. Se procedió a un an

  5. Determinantes da desnutrição infantil em uma população de baixa renda: um modelo de análise hierarquizado Determinants of malnutrition in a low-income population: hierarchical analytical model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa A. Olinto

    1993-01-01

    Full Text Available Para investigar os determinantes da desnutrição infantil em populações de baixa renda, foram estudados os efeitos de variáveis sócioeconômicas, ambientais, reprodutivas, de morbidade, de cuidados maternos, de peso ao nascer e de amamentação sobre dois indicadores nutricionais: altura/idade e peso/altura. Todas as 354 crianças menores de 2 anos vivendo em duas áreas pobres da periferia urbana de Pelotas, no sul do Brasil, foram incluídas no estudo. Realizou-se uma análise multivariada, levando-se em consideração um modelo hierárquico dos fatores de risco na determinação destes déficits nutricionais. As variáveis selecionadas em um determinado nível do modelo permaneciam e eram consideradas fatores de risco para a desnutrição, mesmo que, com a inclusão de variáveis hierarquicamente inferiores, estas houvessem perdido sua significância estatística. O modelo final para o déficit de altura/idade foi composto pelas variáveis educação e presença do pai, educação da mãe, trabalho materno, peso ao nascer e idade da criança. O modelo final para peso/altura constituiu-se das variáveis número de utilidades domésticas, intervalo interpartal, condições de moradia, bairro, peso ao nascer, idade e sexo da criança, e hospitalizações prévias.To investigate the determinants of malnutrition among low-income children, the effects of socioeconomic, environmental, reproductive, morbidity, child care, birthweight and breastfeeding variables on stunting and wasting were studied. All 354 children below two years of age living in two urban slum areas of Pelotas, southern Brazil, were included. The multivariate analyses took into account the hierarchical structure of the risk factors for each type of deficit. Variables selected as significant on a given level of the model were considered as risk factors, even if their statistical significance was subsequently lost when hierarchically inferior variables were included. The final

  6. O enfoque dos determinantes sociais de saúde sob o ponto de vista da teoria social The social determinants of health in the view of the social theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiola Zioni

    2007-12-01

    Full Text Available Este artigo apresenta reflexões teóricas relacionadas à contribuição das ciências humanas e sociais para o campo da saúde. Partindo dos artigos de Eugênio Villar e de Mirta Roses Periago e colaboradores, busca salientar a relação entre a preocupação com justiça social que inspira o enfoque dos Determinantes Sociais de Saúde com o contexto social contemporâneo e paradigmas que vão ao encontro à idéia de determinação social. Ao mesmo tempo, focalizam questões éticas e reforçam a importância da dimensão social do processo saúde-doença, o que implica em uma re-politização do campo da saúde. Busca, também, discutir a concepção de participação política no campo da saúde e suas limitações para o enfrentamento de desafios colocados pela fragmentação da sociedade e os novos níveis de pobreza e "exclusão social".This article presents theoretical reflections related to the contribution of the social and human sciences to the public health field. Taking the articles of Eugenio Villar and Mirta Rose Periago et al, as subject of analysis, the authors try to emphasize the relationship of social justice that inspires the approach of the Social Determinants of Health with the contemporaneous social context and with the paradigms related to the social determination. At the same time, the authors focus ethical questions and reinforce the importance of the social dimension of the health - disease process, which implies in the re-politization of the Health Field. The authors also discuss the concept of political participation and its limits to deal with the challenges of social fragmentation and the high level of poverty and social exclusion.

  7. Mortalidade neonatal de residentes em localidade urbana da região sul do Brasil Neonatal mortality in residents of a locality in southern Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana O. Bercini

    1994-02-01

    Full Text Available Caracterizou-se a mortalidade neonatal de residentes em Maringá -Paraná, no ano de 1990, segundo algumas variáveis. O material de estudo constituiu-se de 87 óbitos. Foram utilizadas informações retiradas das declarações de óbito, dos prontuários hospitalares, das entrevistas domiciliares, dos prontuários dos núcleos integrados de saúde e dos laudos de necrópsia. O coeficiente de mortalidade neonatal foi de 19,4 por 1.000 nascidos vivos. A maioria dos óbitos ocorreu na primeira semana de vida (92,0%, em recém-nascidos com menos de 37 semanas de gestação (79,8%, em crianças com baixo peso ao nascer (74,1%, em recém-nascidos do sexo masculino (56,3% e em crianças nascidas através de cesariana (54,2%. As causas básicas de óbito foram codificadas de acordo com a Classificação Internacional das Doenças - 9ª revisão. As Causas perinatais juntamente com as Anomalias congênitas responderam por 94,0% dos óbitos neonatais. As Causas perinatais foram responsáveis por 83,2% dos óbitos neonatais, onde a prematuridade ocupou o primeiro lugar, causando 15,8% das mortes. Constatou-se, também, que a prematuridade foi a causa associada mais freqüente dos óbitos de recém-nascidos (59,0%.Neonatal mortality rates in Maringá, Paraná State, Brazil, in 1990 are characterized in terms of several variables. Information concerning these events was provided by death certificates, hospital archives, home interviews, health center files and necropsy records. Neonatal mortality rates were 19.4 per 1,000 live births. Most of the deaths occurred: the first week of life (92.0%; newborns with less than 37 weeks of gestation (79.8%; low birth weight infants (74.1%; male newboms (56.3%; and cesarean section births (54.2%. The underlying causes of death were codified in accordance with the "International Diseases Classification" - 9th revision. Perinatal Causes together with Congenital Anomalies accounted for 94.0% of these deaths in addition

  8. Confiabilidade da informação sobre mortalidade por violência em Belo Horizonte, MG Reliability of cause of death due to violence from information systems in Belo Horizonte, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Gesteira e Matos

    2007-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a confiabilidade da codificação e seleção da causa básica dos óbitos por violência; verificar a concordância entre causa registrada no Sistema de Informação sobre Mortalidade e causa selecionada após investigação no Instituto Médico Legal; avaliar o impacto de incorporar informações pós-investigação dos acidentes não especificados e eventos de intenção indeterminada nas estatísticas de mortalidade. MÉTODOS: Selecionou-se amostra aleatória de 411 declarações de óbito de residentes em Belo Horizonte, MG, de 1998 a 2000. Com base nas informações dessas declarações e do Instituto Médico Legal, procedeu-se à codificação da causa e à determinação da concordância entre esta codificação e aquela registrada no Sistema de Informação sobre Mortalidade. Ainda, para todas as declarações classificadas como "acidentes não especificados" e "eventos de intenção indeterminada", avaliou-se o impacto da agregação das informações do Instituto Médico Legal sobre a classificação dos diversos tipos de violência. RESULTADOS: A concordância da codificação foi substancial (Kappa=0,782; IC 95%: 0,744; 0,819 e, da causa básica entre moderada e substancial (Kappa=0,602; IC 95%: 0,563; 0,641. Identificou-se 12,9% mais suicídios e 5,7% mais homicídios entre os acidentes não especificados e eventos de intenção indeterminada, estes reduzidos em 47,3% e 59,8%, respectivamente. CONCLUSÕES: Verificou-se necessidade de aprimoramento da codificação e seleção da causa básica; de melhoria no preenchimento da declaração de óbito pelos legistas e das informações médicas e policiais nos documentos de encaminhamento de corpos para necropsia, em especial nos acidentes de transporte e quedas.OBJECTIVE: To determine reliability of data encoding for death due to violence; to assess the agreement between cause of death in the Mortality Information System and cause selected from the Forensic

  9. Morte por AIDS ou morte materna: a classificação da mortalidade como prática social Death by AIDS or maternal death: classification of mortality as a social practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Dalva F. Bonciani

    2003-04-01

    Full Text Available O artigo trata da decisão de inclusão ou exclusão de óbitos de mulheres em idade fértil, com HIV/AIDS, nas estatísticas de mortalidade materna. Foram analisados os casos referentes ao ano de 1998, investigados pelo Comitê Central de Mortalidade Materna do Município de São Paulo (CCMM-MSP. Tendo como enquadre a abordagem construcionista, a pesquisa utilizou como fonte de dados, relatórios e entrevistas com o presidente do CCMM-MSP e membros de um comitê municipal regional. Buscou-se apontar aspectos presentes na seleção, investigação e classificação final das mortes maternas investigadas, focalizando os espaços de negociação entre os vários atores envolvidos no processo. A análise sugere que, quando se trata de óbitos de mulheres com HIV/AIDS, interferem ainda outros fatores como a precedência do status soropositivo para o HIV e os aspectos morais e simbólicos da AIDS. Concluiu-se que o aperfeiçoamento das estatísticas por meio da melhor compreensão da decisão de inclusão ou exclusão de casos é apenas um lado da questão; faz-se necessário também, melhorar a qualidade da assistência ao ciclo gravídico-puerperal para evitar a ocorrência dessas mortes.This paper analyzes the decision on whether to include deaths of HIV+ pregnant women in the classification of maternal mortality. The study focuses on deaths of childbearing-age women in São Paulo in 1998, investigated by the State's Central Committee on Maternal Mortality (CCMM. Working from a social constructionist perspective, the research was based on documental analysis and interviews with the president of the CCMM and members of one regional committee. The analysis focused on the selection, investigation, and classification of maternal death, with special attention to the negotiation among various actors involved in the classificatory procedures. The data suggest that in the deaths of HIV+ women, other factors are present including the precedence of HIV

  10. Mortalidade por câncer de mama e câncer de colo do útero em município de porte médio da Região Sudeste do Brasil, 1980-2006 Breast cancer and cervical cancer mortality trends in a medium-sized city in Southern Brazil, 1980-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anselmo Duarte Rodrigues

    2011-02-01

    Full Text Available Analisar a tendência da mortalidade por câncer de mama e câncer de colo do útero em mulheres residentes no Município de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil, no período de 1980 a 2006. Os dados sobre os óbitos foram obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade; as taxas de mortalidade específicas foram calculadas por idade e padronizadas pela população mundial. Para análise de tendência, foram aplicados modelos de regressão polinomial. O câncer de mama foi a principal causa de óbito entre as neoplasias na população de mulheres residentes no município, enquanto o câncer de colo do útero oscilou entre a segunda e a quarta causa no período do estudo. A análise de tendência mostrou queda da mortalidade por câncer de colo do útero (p = 0,001 e tendência de crescimento na mortalidade por câncer de mama (p = 0,035 ao longo dos anos da série. A mortalidade por câncer de mama e colo do útero no Município de Juiz de Fora sugere um processo de transição epidemiológica em andamento, com tendência crescente na mortalidade por câncer de mama e persistência de taxas elevadas por câncer de colo do útero.The aim of this study was to analyze mortality trends from breast cancer and uterine cervical cancer in Juiz de Fora, Minas Gerais State, Brazil. The mortality time series from the Mortality Information System of the Brazilian Ministry of Health was used. Age-related specific mortality rates were calculated and standardized against the world population. Polynomial regression models were applied. Breast cancer was the main cause of cancer-related death for women in Juiz de Fora. Trend analysis using the polynomial regression model showed a decrease in mortality due to uterine cervical cancer (p = 0.001 and an increase in mortality due to breast cancer (p = 0.035 over the course of the time series. The trends in mortality due to breast cancer and cervical cancer in Juiz de Fora suggest an ongoing epidemiological

  11. Mortalidade por doenças circulatórias e evolução da saúde da família no Brasil: um estudo ecológico Mortality due to circulatory disorders and the evolution of family health in Brazil: an ecological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jonatas Zeni Klafke

    2013-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a mortalidade por doenças circulatórias paralelamente à evolução da Estratégia Saúde da Família no Brasil. Estudo ecológico, retrospectivo, baseado na evolução temporal da ESF e nas taxas de mortalidade por doenças circulatórias no Brasil. Foi realizada uma descrição da razão de cobertura habitante x ESF e dos indicadores de saúde relacionados à mortalidade por doenças circulatórias. Para a associação estatística utilizou-se o teste de Correlação de Spearman. Houve aumento populacional no Brasil em 15%, evolução de 761% no número de ESF e 5% de aumento na mortalidade por doenças circulatórias. A razão população x ESF passou de 52.838 (1998 para 7.084 (2006 pessoas assistidas por ESF. As regiões norte e nordeste apresentaram crescimento nas taxas de mortalidade por doenças circulatórias e em 21 (81% estados houve correlação positiva entre mortalidade por doenças circulatórias e ESF (r: > 0,7; p The scope of this study was to analyze deaths due to circulatory disorders in parallel with the evolution of the Family Health Strategy (FHS in Brazil. It is an ecological and retrospective study based on the temporal evolution of the FHS and mortality rates due to circulatory disorders in Brazil. A description of the inhabitant x FHS coverage ratio and health indicators related to mortality due to circulatory disorders was carried out. Spearman's rank correlation coefficient test was used for the statistical association. There was a population increase of 15% in Brazil, evolution of 761% in the number of FHS units and 5% increase in mortality due to circulatory disorders. The population x FHS ratio rose from 52,838 (1998 to 7,084 (2006 people assisted by FHS units. North and northeast regions showed growth in mortality rates due to circulatory disorders and in 21 states (81% there was a positive correlation between this mortality and FHS units (r: > 0.7; p < 0.01. Finally, the

  12. Fatores determinantes da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará, Brasil Assessment of the surface water quality in the upland of Acaraú watershed, Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Maia de Andrade

    2007-12-01

    Full Text Available Análise Fatorial/Análise da Componente Principal (AF/ACP foram empregadas com o objetivo de identificar os fatores determinantes (naturais e antrópicos da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará. Realizaram-se coletas trimestrais, no período de fev/2003 a mar/2004, em seis pontos localizados nas áreas de influência urbana e de drenagem de perímetros irrigados. Foram analisados os parâmetros pH, temperatura, cor, turbidez, nitrato, amônia total, amônia livre, amônia ionizada, sódio, cloretos, potássio, sulfato, dureza, cálcio, magnésio, alcalinidade total, alcalinidade do bicarbonato, condutividade elétrica, sólidos suspensos, oxigênio dissolvido, demanda bioquímica de oxigênio, fósforo total, ortofosfato solúvel, clorofila "A", coliformes totais e coliformes termotolerantes. Através das técnicas de estatística multivariada, AF/ACP, foram selecionadas as variáveis que explicavam o maior percentual da variância total dos dados. Três componentes são responsáveis pela estrutura da qualidade das águas explicando 88% da variância total. O modelo mostrou que o primeiro fator (39,81% da variância expressou-se como um componente mineral. O segundo, explicando 29,22% da variância, apresentou-se como um componente de nutrientes. No terceiro fator (19,16% da variância, identificou-se como um componente de escoamento superficial das áreas agrícolas e clima. A rotação dos fatores, os parâmetros indicadores da qualidade das águas estão, principalmente, relacionados com a solubilidade dos sais (natural, com nutrientes e transporte de sedimentos (ação antrópica.Factor analysis/Principal Component Analysis (FA/PCA were applied to the data set on water quality in upper Acaraú River basin (Brazil to study the effects caused by human activities on water. Variables were measured at six key sampling sites (villages and agricultural areas in four campaigns from February/2003 to March/2004. The

  13. Fatores Determinantes da Oferta Turística do Município de Ilhéus (Bahia na Alta Estação do Ano de 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Aparecida Cerqueira

    2010-07-01

    Full Text Available Resumo O presente trabalho tem por objetivo estimar os fatores determinantes da oferta turística do município de Ilhéus, na alta estação do ano de 2007. Fundamentado no conceito de que a oferta turística é subdividida em três categorias, atrativos, equipamentos/serviços, e infra-estrutura, procurou-se avaliar estes componentes solicitando aos turistas notas que representassem seu nível de satisfação. Os dados foram analisados através da estatística descritiva e por meio da análise fatorial. Os resultados indicam que os atrativos naturais, a hospitalidade, a gastronomia e os meios de hospedagem agradaram. Por outro lado, o patrimônio histórico-cultural, as manifestações populares, as empresas de receptivo, os guias, e as diversões noturnas destacam-se como os mais criticados. Oito fatores foram extraídos, responsáveis por, aproximadamente, 60,4% da variância total dos dados. Palavras-chave: satisfação; turistas; estatísticas; analise fatorial. Abstract The present work has for objective to esteem the determinative factors of offers tourist of the city of Ilhéus, in the high station of the year of 2007. Based on the concept of that it offers tourist is subdivided in three categories, attractive, equipment/services, and infrastructure, we wanted to evaluate these components requesting to the tourists grades that represented its level of satisfaction. The data had been analyzed through the descriptive statistics and the factorial analysis. The results indicate that natural attractive, the hospitality, the gastronomy and the ways of lodging had pleased. On the other hand, the historical-cultural patrimony, the popular manifestations, the companies of receptive, the guides, and the nocturnal diversions are distinguished as the most criticized. Eight factors had been extracted, responsible for, approximately, 60.4% of the total variance of the data. Keywords: satisfaction; tourist; statistics; factorial analysis.

  14. Tendência da mortalidade por câncer do útero no Município de São Paulo entre 1980 e 1999 Mortality trends from uterine cervical cancer in the city of São Paulo from 1980 to 1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Marcondes Fonseca

    2004-02-01

    Full Text Available O câncer do colo do útero apresenta grande incidência em algumas cidades brasileiras e considerável mortalidade em países em desenvolvimento, não obstante a disponibilidade já antiga de teste de rastreamento. O presente estudo visou avaliar a tendência da mortalidade por câncer de colo do útero, de corpo do útero e por câncer do útero não especificado, no Município de São Paulo, entre 1980 e 1999, por meio do exame das taxas brutas, idade-específica e ajustadas por idade. Os resultados mostraram discreta redução da mortalidade por câncer do colo do útero, queda da mortalidade por câncer de útero não especificado e aumento da mortalidade por câncer do corpo do útero. Conclui-se que a queda da mortalidade por câncer do útero não especificado sinaliza uma melhora na precisão do diagnóstico clínico e na qualidade do preenchimento do atestado de óbito, e indica aumento de cobertura do teste de Papanicolaou.Uterine cervical cancer shows a higher incidence in some Brazilian cities. It is a common cause of death in women from developing countries, despite the longstanding availability of an effective screening test, the Pap smear. This study aimed to evaluate the temporal trends of crude, age-adjusted, and age-specific mortality rates from cervical cancer, endometrial cancer, and cancer of the uterus not otherwise specified (NOS in the city of São Paulo from 1980 to 1999. Results showed a slight reduction in cervical cancer rates, a decrease in NOS uterine cancer rates, and an increase in endometrial cancer mortality rates. The fall in mortality from NOS uterine cancer indicates an improvement in diagnostic accuracy and quality of information on death certificates and may point to an increase in coverage of cervical cancer screening using the Pap smear.

  15. Determinantes do nível dos estoques públicos: mensuração nas capitais dos estados da região sul do Brasil

    OpenAIRE

    2012-01-01

    As entidades tanto privadas como públicas têm como meta manter seus estoques equilibrados, objetivando a economicidade de recursos, pois os estoques necessitam de investimentos muitas vezes altos, e esses investimentos precisam produzir retorno financeiro para as entidades privadas e para o setor público os investimentos em estoques precisam suprir as necessidades vigentes. Nesse contexto, o estudo teve como objetivo avaliar os níveis de estoques das prefeituras das capitais dos estados da Re...

  16. Análise dos determinantes da lealdade às lojas temáticas de torcedores do Atlético e do Cruzeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendel Alex Castro Silva

    2013-12-01

    Full Text Available Na pesquisa aqui apresentada teve-se por objetivo identificar e analisar as variáveis que influenciam o processo de lealdade dos torcedores atleticanos e cruzeirenses em Belo Horizonte em relação ao consumo dos produtos oficiais dessas equipes. Estruturada em modelo teórico usado para identificar os atributos de lealdade, a investigação foi desenvolvida com 300 clientes-torcedores, cujos dados foram submetidos a análises uni e multivariadas. Os resultados, obtidos por meio da modelagem de equações estruturais, confirmaram que a oferta de produtos e serviços impacta de forma positiva no investimento, no sentimento de dependência e na confiança. Verificou-se que: quanto maior o investimento no relacionamento comercial, maior é o sentimento de dependência do cliente; quanto mais intensa a troca de informações, maior é o sentimento de confiança; quanto maiores a dependência e a confiança, maior é o comprometimento do cliente no relacionamento comercial; e quanto maior o comprometimento, maior é a lealdade à empresa. O modelo proposto explicou 53,6% das inter-relações entre os construtos e desses com suas variáveis manifestas. O modelo de mensuração explicou 53,1% da variabilidade dos construtos e o modelo estrutural explicou 54,1% dessas mesmas variáveis. Tendo em vista que se trata de uma pesquisa social, em que o controle das respostas é mais restrito, esses resultados foram considerados satisfatórios, por conseguirem explicar mais da metade da variabilidade das variáveis avaliadas.

  17. Anos de vida perdidos por mortalidade: um dos componentes da carga de doenças Years of life lost by mortality: a component of the burden of disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fúlvio B Nedel

    1999-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Calculou-se a carga de doença devida à mortalidade, os anos de vida perdidos por "morte prematura" (AVP, nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, comparando alguns resultados com o Brasil. MÉTODOS: Baseou-se nos anos de vida ajustados em função da incapacidade (AVAI, indicador que agrega mortalidade e morbidade em uma medida global. As populações de estudo foram os óbitos de residentes nos Estados em 1994 e no Brasil em 1993. RESULTADOS: Embora a maior carga por mortalidade seja imposta por causas ligadas a um estágio mais avançado da transição epidemiológica, tanto o Rio Grande do Sul como Santa Catarina, mas principalmente o Brasil, sofrem importante carga por doenças do subdesenvolvimento. As lesões representam o segundo grupo nos Estados e terceiro no Brasil. CONCLUSÃO: O indicador permite comparar agravos de alta e baixa letalidade, sendo instrumento útil na gestão e controle social das políticas e ações de saúde.INTRODUCTION: The register of death by cause, sex and age groups of residents in 1994 in Rio Grande do Sul (RS and Santa Catarina (SC, two Brazilian southern states, were studied to calculate the years of life lost (YLL, one of the two components that summarize disability adjusted life years (DALY, in RS, SC and Brazil. METHODS: The methodology employed is the same used in the Global Burden of Disease study to quantify the mortality component (YLL of DALY in the world. RESULTS: The results show that the greatest proportion and rates caused by Group II (Noncommunicable diseases, linked with more advanced stages of the epidemiological transition, in RS, SC and Brazil. But in both states and especially in Brazil, Group I (Communicable, maternal, perinatal and nutritional conditions causes an important proportion of YLL. The Group III (Injuries was the second more important group in RS and SC and the third in Brazil. Road traffic accidents are particularly important in SC, where the intentional

  18. Cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil e seus fatores determinantes: uma revisão sistemática da literatura Coverage of the Pap smear in Brazil and its determining factors: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Felipe Leite Martins

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: apresentar o panorama da cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil, com ênfase nos seus fatores determinantes. MÉTODOS: foram pesquisadas as bases de dados "on line" LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, MEDLINE - 1966 a 2004 (Literatura Internacional em Ciências da Saúde, PAHO (Acervo da Biblioteca da Organização Pan-Americana de Saúde e WHOLIS (Sistema de Informação da Biblioteca da OMS. A revisão foi ampliada por meio da busca a referências bibliográficas dos estudos relevantes, solicitação de estudos publicados e não publicados a especialistas e outras fontes. Foram selecionados artigos que preenchiam os seguintes critérios: ser um estudo transversal, ter sido realizado no Brasil, conter informações sobre a cobertura do exame Papanicolaou (alguma vez na vida ou nos últimos três anos ou sobre seus fatores determinantes. Foram excluídas as duplicidades e os artigos sem resumo. Um total de 13 artigos foram selecionados atendendo a esses critérios. RESULTADOS: são poucos os estudos sobre a cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil. A maioria concentra-se nas grandes cidades das regiões Sul e Sudeste do país. Além da escassez, existe pouca padronização metodológica em relação à amostragem e perfil das mulheres a serem investigadas, o que torna difícil a comparação entre si. Estas diferenças metodológicas devem ter contribuído para a grande variabilidade nas coberturas encontradas. Entretanto, apesar de todos os problemas, observa-se tendência de aumento temporal no percentual de mulheres que foram submetidas a pelo menos um exame de Papanicolaou: os dois únicos estudos realizados nos anos 80 mostram coberturas de 55,0 e 68,9% na vida, ao passo que um inquérito domiciliar realizado em 15 capitais e no Distrito Federal entre 2002 e 2003 apresenta valores que variam de 73,4 a 92,9%; porém, dois estudos de abrangência nacional realizados em 2003 apresentaram

  19. Evolução da população e da mortalidade em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, 1979 a 1997 Demographic and mortality trends in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil, 1979 to 1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Coelho Barbosa Tomassini

    2003-12-01

    Full Text Available A análise da série histórica de 1979-1997 permite perceber a evolução demográfica e da mortalidade no Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, ao longo dessas décadas. A população apresentou um declínio na velocidade de crescimento, com alteração significativa de sua estrutura etária. Observa-se, na série temporal, o declínio da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, a tendência geral de declínio das doenças infecto-parasitárias, com acentuado aumento a partir de 1996, decorrente da mudança de classificação das doenças (CID-9 para CID-10. Quanto à mortalidade infantil, destaca-se o predomínio dos óbitos na faixa neonatal. O desvendar das doenças e agravos dentro dos grandes grupos revela a importância das doenças isquêmicas do coração e doenças cerebrovasculares, dos homicídios, acidentes de transporte e da AIDS.An analysis of the 1979-1997 historical series points to demographic and mortality trends in Niterói, Rio de Janeiro State, over the course of those two decades. There was a drop in the rate of population increase, with a significant change in the age structure. In the time series, there was a decline in mortality from cardiovascular diseases and an overall downward trend in mortality from infectious and parasitic diseases, albeit with a sharp increase beginning in 1996 resulting in a change in disease classification (ICD-9 to ICD-10. As for infant mortality, there was a predominance of deaths in the neonatal group. An analysis of major groups of diseases and injuries highlights the importance of ischemic heart disease and cerebrovascular diseases, homicides, traffic accidents, and AIDS.

  20. Regulação da auditoria em sistemas bancários: análise do cenário internacional e fatores determinantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alves Dantas

    2014-04-01

    Full Text Available Este estudo empírico-analítico tem por objetivos promover uma comparação dos níveis de regulação da atividade de auditoria em instituições bancárias e avaliar a relação entre esse grau de regulação e características dos sistemas bancários nacionais. Utilizou-se uma base de dados mantida pelo Banco Mundial, contendo pesquisa realizada junto a autoridades supervisoras e regulatórias bancárias nacionais de 172 países. Por meio de estatísticas descritivas, foi constatado que o nível mais elevado de regulação é registrado nas nações mais desenvolvidas e nos países do Oriente Médio, Norte da África, Europa e Ásia Central. Também foi constatado que o Brasil apresenta grau de regulação superior à média verificada internacionalmente. Quanto aos testes realizados, por meio de regressão, para avaliar a relação entre o nível de regulação de auditoria e características do setor bancário, foi evidenciado que há mais requerimentos para a atuação dos auditores nos países em que o crédito doméstico provido pelo setor bancário é maior e onde os bancos são mais rentáveis. Por outro lado, há menor regulação nos países em que há maior participação de bancos estatais no sistema financeiro e onde há mais restrições à atuação das instituições bancárias. Não foi confirmada a hipótese de associação positiva entre grau de concentração do setor bancário e o nível de regulação da atividade de auditoria. Por fim, foi constatado que, em 2000, primeiro ano da pesquisa, o nível de regulação era menor que os níveis apurados nos demais exercícios, enquanto que, em 2007, último ano da pesquisa, o nível de regulação é maior que nos anos anteriores, confirmando o que foi encontrado na literatura de que as normas de auditoria tendem a se tornar mais rigorosas com o passar do tempo, na medida em que a demanda por requerimentos mais estritos se acumula, notadamente em momentos de crise de

  1. Informação em mortalidade: o uso das regras internacionais para a seleção da causa básica Mortality information: the use of international rules for the selection of the underlying cause

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    2009-06-01

    Full Text Available A análise da mortalidade tem sido muito usada em saúde pública, e a causa básica da morte é uma variável bastante estudada. Na maioria dos países, há obrigatoriedade de o médico preencher a declaração de óbito (DO, informando às autoridades a ocorrência do evento, características do falecido e causas da morte. Quando há dois ou mais diagnósticos na declaração das causas da morte, surge a questão da seleção da causa básica. As normas para o preenchimento das causas de morte pelos médicos nas DO e as regras para a seleção da causa básica, quando mais de uma causa é declarada, estão definidas pela OMS, visando à comparabilidade internacional. O objetivo deste trabalho é avaliar se a aplicação das Regras Internacionais de Classificação da causa básica permite a seleção da real causa básica, mesmo se declarada incorretamente pelo médico. O material pertence ao "Estudo sobre a mortalidade de mulheres em idade fértil", sendo que 1.315 casos satisfizeram os requisitos de inclusão. Para cada morte foi realizada uma investigação através de entrevistas domiciliárias, consultas aos prontuários hospitalares e assemelhados. Médicos treinados e calibrados preenchiam uma DO nova, após a leitura de toda a informação, e selecionavam a "verdadeira" causa básica da morte. Esta era comparada com a causa básica da DO original, obtida por meio das Regras Internacionais. Entre as DO, em 1.192 (90,6% houve concordância com a verdadeira causa básica obtida após a investigação. Concluiu-se que as Regras Internacionais permitem selecionar a real causa básica, mesmo quando o médico preenche inadequadamente a DO.Mortality analysis is often used in public health and the cause of death is an important variable. In most countries, there is a requirement for physicians to fill out a death certificate (DC and to send it to authorities informing its occurrence, characteristics of the deceased, and causes of death. When

  2. As determinantes da implantação do inventário permanente em Portugal: um estudo empírico

    OpenAIRE

    Almeida, José Joaquim Marques de; Coimbra, Pedro; Larguinho, Manuela

    2004-01-01

    O Decreto-lei n.º 79/2003, de 23 de Abril, aperfeiçoa o Decreto-lei n.º 44/99, de 12 de Fevereiro, ambos foram emitidos pelo Ministério das Finanças de Portugal, e determinam, por razões de gestão, a obrigatoriedade da adopção do inventário permanente a um vasto conjunto de empresas portuguesas, dos sectores comercial, serviços ou industrial. Pressupõem, ex-ante, que a aplicação do supracitado inventário permite a determinação directa do custo das vendas, o aperfeiçoamento do sistema de co...

  3. Relações Determinantes sobre as Despesas e as Receitas da Conta de Viagens Internacionais do Balanço de Pagamentos Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Domingos da Silva

    2010-07-01

    Full Text Available Resumo O presente artigo busca relações causais da renda e, principalmente, a taxa de câmbio sobre as despesas dos brasileiros que viajam ao exterior e sobre as receitas advindas dos turistas estrangeiros que visitam o nosso país, dados estes mensurados na conta de turismo no Balanço de Pagamentos do Brasil. Os testes econométricos indicam que as despesas, em média, são afetadas pela taxa de câmbio real, enquanto as receitas não são. Ao analisar esta assimetria foi possível constatar outra, onde provou-se que o número de turistas de países fronteiriços, tendo os visitantes da Argentina como exemplo, em média, são sensíveis à taxa de câmbio real, enquanto os visitantes de países de outros continentes, tendo o número de visitantes dos Estados Unidos como parâmetro, não são afetados, em média, pela taxa de câmbio real. Palavras-chave: economia do turismo; despesas de viagens internacionais; taxa de câmbio real. Abstract The present article looks for causal relations of the income and, especially, the exchange rate on the expenses of the Brazilians who travel abroad and on the revenues resulted from the foreign tourists who visit our country, these data measured in the account of tourism in the Brazilian Balance of Payments. Econometric tests indicate that the expenditure, on average, are affected by the real exchange rate, while the revenues are not. While analyzing this asymmetry it was possible to note another one, which proved that the number of tourists from bordering countries, taking the visitors of Argentina as an example, on average, are sensitive to the real exchange rate. On the other hand the visitors from countries of other continents, taking the number of visitors from the United States as a parameter, are not affected, on average, by the real exchange rate. Keywords: tourism economy; international travel account of balance of payments; real exchange rate.

  4. Determinantes do processo de infestação domiciliar por Panstrongylus megistus: o papel da habitação e do desmatamento Determinants of the dwelling infestation process by Panstrongylus megistus: the role of housing and deforesting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Litvoc

    1990-12-01

    Full Text Available A qualidade das habitações e o desmatamento foram estudados em Caconde e São José do Rio Pardo, municípios paulistas com taxas diferenciadas de infestação domiciliar por Panstrongylus megistus, e com desenvolvimento sócio-econômico dessemelhante. Para o conhecimento da qualidade das habitações recorreu-se a dados registrados na Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN durante a década de 70; o estudo do desmatamento foi realizado em mapas, construídos por nós a partir de fotografias aéreas, obtidas em vôos realizados pela Secretaria de Agricultura em 1972 e 1983. A análise sócio-econômica baseou-se nas informações do Censo Agro-pecuário e em entrevistas com agrônomos dos municípios. O estudo mostrou uma situação de maior precariedade das casas em Caconde. Essa situação decorre do menor desenvolvimento sócio-econômico deste município, confirmando assim uma tendência já demonstrada em pesquisas anteriores. O desmatamento foi mais intenso em São José, onde o desenvolvimento social é maior e no qual à taxa de infestação é menor, fato que mostra um comportamento oposto entre os dois determinantes nestes municípios. Os vínculos entre o desmatamento e o maior desenvolvimento sócio-econômico pode também ser demonstrado na medida em que se pode relacionar a atividade produtiva com a destruição da cobertura vegetal natural. Cabe sublinhar que esta tendência de efeito oposto do desmatamento não inverteu o resultado final, ou seja, que o confronto dessas forças determinantes resultou ainda numa taxa de infestação superior em Caconde, área de menor desenvolvimento social. A existência dessas tendências opostas entre os determinantes revela, desse modo, uma maior complexidade no processo de infestação por P. megistus, sem produzir, no entanto, reversão do resultado final.This study investigates the housing conditions and deforesting in Caconde and São José do Rio Pardo, neighbouring towns

  5. Fatores e procedimentos determinantes da qualidade do projeto de produtos visando a competitividade Factors and procedures to determine quality in product design for competitivity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Airton Consalter

    1996-04-01

    Full Text Available A influência da qualidade do projeto sobre a competitividade de um produto se exerce em todos os estágios do seu ciclo de vida. Este artigo apresenta uma maneira sistematizada de relacionar a qualidade do projeto do produto e a competitividade das empresas por meio dos fatores influentes nessa relação, procurando salientar sua importância. Os diferentes procedimentos usados para agregar qualidade são abordados de maneira que se possa orientar as empresas na organização de suas equipes de projeto. A fase conceitual do projeto é destacada como o foco dos esforços de qualificação do produto.The influence of the design quality on product competitivity takes place throughout the stages of its life-cycle. This work deals with a systematic approach in order to relate the product design quality to enterprise competitivity by means of the influential factors in that relation, seeking to emphasize its importance. The different ways available to aggregate quality are discussed aiming to orientate the teamwork organization in product design environments. The conceptual phase of the product design is emphasized as the focus of the efforts to qualify the product.

  6. Determinantes da eficiência de escala no setor brasileiro de operadores logísticos Determinants of scale efficiency in the Brazilian 3PL industry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peter Fernandes Wanke

    2011-03-01

    Full Text Available O artigo foca o setor brasileiro de operadores logísticos (OLs que, frente a um cenário altamente competitivo, oferece a seus clientes uma gama de serviços e de tecnologias de informação em busca de níveis maiores de eficiência. Seu objetivo principal é determinar as variáveis que apresentam impacto significativo na eficiência de escala dos OLs, por meio de modelagem de DEA (Data Envelopment Analysis - análise envoltória de dados em dois estágios. Dados (2001-2008 da pesquisa anual feita pela Revista Tecnologística foram utilizados em um modelo de painel incompleto. Os inputs e outputs necessários para essa análise foram identificados, assim como as variáveis contextuais que podem impactar na eficiência de escala dos OLs. Os resultados corroboram evidências na literatura sobre o papel dos processos de coordenação no desempenho logístico.This paper focuses on the third-party logistics (3PL industry in Brazil which, facing a highly competitive scenario, offers its clients a broad range of services and information technologies in pursuit of higher levels of efficiency. Its main objective is to determine the variables that significantly impact on the 3PL scale efficiency by means of a two-stage Data Envelopment Analysis (DEA. Data (2001-2008 from the annual survey developed by Revista Tecnologística were used in an unbalanced panel data model. The inputs and outputs required for this analysis were identified as well as the contextual variables that may impact on the 3PL scale efficiency. The results corroborate the evidence in the literature on the role of coordination processes in the logistics performance.

  7. Aspectos epidemiológicos da mortalidade entre doentes de hanseníase no Estado de São Paulo (1931-1980 Epidemiological aspects of mortality among sufferers from Hansen's disease in S. Paulo State (1931-1980

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clovis Lombardi

    1984-04-01

    Full Text Available A partir dos dados do universo de pacientes de hanseníase (n=27.260 falecidos no Estado de São Paulo (Brasil no período entre 1931 e 1980, estuda-se a tendência temporal de alguns caracteres epidemiológicos ligados a atributos pessoais desses pacientes, como: idade, sexo, forma clínica final da doença, bem como do local de ocorrência do óbito, tempo de doença até o óbito. A tendência temporal dos coeficientes de letalidade específica por hanseníase é analisada em confronto com os dados de mortalidade proporcional por hanseníase e de mortalidade geral no Estado de São Paulo, no período. É estudada ainda a tendência temporal do perfil de causas básicas de óbito neste universo, segundo todas as Seções da Classificação Internacional de Doenças, Lesões e Causas de Óbito (Nona revisão - 1975 e, também, segundo algumas de suas Categorias e Subcategorias classicamente conhecidas como relevantes na patologia da hanseníase. No subgrupo de pacientes cuja causa básica de óbito foi a hanseníase (n = 9.907 discute-se a distribuição temporal de alguns caracteres considerados importantes, como: idade, forma clínica final da doença, tempo de doença até a matrícula e tempo de doença até o óbito, cotejando-se os valores observados neste subgrupo com aqueles encontrados para o universo pesquisado. Os resultados obtidos revelam, basicamente: a tendência à melhora do padrão de saúde no universo pesquisado, paralela à observada para o Estado de São Paulo como um todo, porém influenciada por fatores específicos, como a terapêutica sulfônica; b a existência de duas fases nitidamente distintas na tendência das curvas específicas de mortalidade, antes e depois de 1950; c o baixo padrão sócio-econômico e a existência de fenômenos de estigmatização social no grupo estudado.The study comprehends the patients (n=27,260 of Hansen's disease (leprosy deceased in the State of S. Paulo, Brazil, from 1931 to 1980

  8. Mortalidade por violências: aplicação de técnicas de análise exploratória em área metropolitana da região sudeste do Brasil, 1979-1987 Mortality due to violence: application of exploratory analysis techniques on data from an urban area of southeastern Brazil, 1979-1987

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina M.C. Amarante

    1994-06-01

    Full Text Available Realizou-se análise exploratória das taxas brutas de mortalidade por causas externas, nos municípios da Baixada Fluminense e no Município do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1979 a 1987. Objetivou-se verificar a tendência da mortalidade na área e período especificados para investigar a premissa de que a violência vem crescendo. Os resultados obtidos mostraram que as taxas de mortalidade apresentaram tendência de crescimento não linear ao longo de todo o período. Observou-se decréscimo de 1979 a 1983, seguido de crescimento a partir de 1984 quando as taxas atingem patamares mais elevados.An exploratory analysis of gross death rates due to external reasons was carried out in the area of the "Baixada Fluminense", and in the Rio de Janeiro city, covering the 1979 -1987 period. The main goal was to verify mortality trends in the area and period of time specified, in an attempt to investigate a premiss according to wich violence rates have been increasing. Results obtained have show that death rates presented tendency to a non-linear increase throughout this period. A decrease was observed from 1979 to 1983, followed by an increase, since 1984, on to a higher level.

  9. O uso da técnica de "Linkage" de sistemas de informação em estudos de coorte sobre mortalidade neonatal The use of the 'Linkage' of information systems in cohort studies of neonatal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Furquim de Almeida

    1996-04-01

    Full Text Available Discute-se o uso da "linkage" dos Sistemas Oficiais de Informação de Nascido Vivo (SINASC e de Óbitos (SIM em estudos de mortalidade neonatal. Essa técnica baseia-se na "ligação" dos bancos de dados obtidos a partir das informações existentes nesses sistemas, o que possibilita o emprego de estudos do tipo de coorte. O estudo foi realizado no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, Brasil. São apresentados os cuidados metodológicos que foram empregados para evitar a presença de viéses de seleção e de efeito, que podem ocorrer. O uso da "linkage" mostrou-se operacionalmente viável, permitindo obter as probabilidades de morte e os riscos relativos dos nascidos vivos, expostos e não expostos, às variáveis que são objeto de registro na declaração de nascido vivo, identificando-se, desta maneira, os recém-nascidos de risco. Essa técnica, de baixo custo operacional, visto que utiliza dados já registrados, permite um dimensionamento mais adequado da assistência pré-natal e ao parto.The utilization of record linkage of the mortality and birth information systems in studies of neonatal mortality is presented. The record linkage was used to obtain a cohort of live births and neonatal deaths in Santo André county, located within greater S. Paulo, in 1992. The procedures applied in order to avoid selection and effect biases, are discussed. The use of linked data allows the probabilities of neonatal deaths according to the exposure status of the variables which are registered on the birth certificate, and the identification of the live born at risk, to be calculated. Another advantage of the record linkage is the low financial cost of this type of study, because it uses information already registered.

  10. Avaliação ultra-sonográfica da hidrocefalia fetal: associação com mortalidade perinatal Ultrasonographic evaluation of fetal hydrocephalus: association with perinatal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Brito Hortêncio

    2001-07-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar os parâmetros ultra-sonográficos associados ao incremento da mortalidade perinatal em casos de hidrocefalia fetal. Métodos: foram avaliados 45 casos de hidrocefalia acompanhados entre janeiro/1996 e dezembro/1999. A hidrocefalia foi diagnosticada quando a relação entre a mensuração dos ventrículos laterais e os hemisférios cerebrais correspondentes foi superior a 0,35 ou quando a medida do átrio dos ventrículos laterais foi superior a 10 mm. Em todos os exames definiu-se o tipo, gravidade, simetria, evolução e época do diagnóstico da hidrocefalia. As pacientes foram submetidas a ultra-som morfológico na busca de outras alterações anatômicas. O índice de líquido amniótico e os óbitos fetais foram registrados. Os principais achados ultra-sonográficos foram correlacionados à mortalidade perinatal. Utilizaram-se, para análise estatística, o teste do chi² e o teste exato de Fisher. O valor de pPurpose: to evaluate the ultrasonographic parameters associated with perinatal mortality increase in cases of fetal hydrocephalus. Method: 45 cases of fetal hydrocephalus were followed-up between January 1996 and December 1999. Fetal hydrocephalus was diagnosed when the ratio of lateral ventricles and the corresponding cerebral hemispheres was above 0.35 or when the measurement of the atrium of the lateral ventricles was above 10 mm. In all examinations the type of hydrocephalus, severity, symmetry, evolution and time of diagnosis were defined. The patients were submitted to morphologic ultrasound in the search of other anatomical abnormalities. The amniotic fluid index and fetal deaths were registered. The main ultrasonographic findings were correlated with perinatal mortality. For statistical analysis, chi² test and exact Fisher test were used. The value of p<0,05 was considered to be significant. Results: a total of 20 deaths were observed (44.4%, 6 occurred intra-uterus and 14 in the neonatal period. The

  11. Entendendo os mecanismos determinantes da lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica Understanding the mechanisms of ventilator-induced lung injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane M. Nardelli

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ventilação mecânica é considerada elemento básico de suporte de vida nas unidades de terapia intensiva e, indubitavelmente, essencial para os pacientes com lesão pulmonar aguda (LPA e síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA. Estudos experimentais demonstraram que a ventilação mecânica (VM com altos volumes e/ou altas pressões pode exacerbar ou iniciar uma lesão pulmonar, denominada lesão pulmonar associada à VM (LPAV ou lesão pulmonar induzida pelo ventilador (LPIV, respectivamente, com aspecto histológico similar ao da LPA/SDRA. CONTEÚDO: Realizou-se uma pesquisa sistemática dos artigos incluídos na MedLine e SciElo dos últimos 20 anos, que abordavam uma visão crítica dos principais mecanismos determinantes da LPIV. Dentre os principais mecanismos da LPAV/LPIV pode-se citar: volutrauma causado por hiperdistensão e expansão desigual das unidades alveolares em função de altas pressões transpulmonares ou volumes; aletectrauma resultante da abertura e fechamento cíclicos das vias aéreas distais e o biotrauma determinado pelo processo inflamatório conseqüente às estratégias ventilatórias lesivas adotadas. CONCLUSÕES: Os mecanismos responsáveis pelo volutrauma, atelectrauma e biotrauma devem ser bem entendidos para que se possa evitar a lesão associada à ventilação mecânica.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Mechanical ventilation is considered a basic element of life support in the intensive care unit and is essential for patients with acute lung injury (ALI and acute respiratory distress syndrome (ARDS. Experimental studies have demonstrated that mechanical ventilation with high volumes and/or high pressures can exacerbate (VALI or induce lung injury (VILI with histological aspect similar to ALI/ARDS. CONTENTS: This systematic review included the literature on MedLine and SciElo database published in the last 20 years. In this review, we will highlight the most recent data on

  12. Tendências da mortalidade neonatal em São Luís, Maranhão, Brasil, de 1979 a 1996 Neonatal mortality trends in São Luís, Maranhão, Brazil, from 1979 to 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdinar Sousa Ribeiro

    2000-06-01

    Full Text Available O propósito do presente trabalho é avaliar a evolução da mortalidade neonatal em São Luís nos últimos 18 anos, classificá-la de acordo com os dias de vida e pelo critério de evitabilidade de óbitos da Fundação SEADE, a partir de dados do IBGE e do Ministério da Saúde. Detectou-se aumento da mortalidade neonatal, às custas de aumento expressivo do seu componente precoce, especialmente pelas causas reduzíveis por diagnóstico e tratamento precoce, e parcialmente reduzíveis por adequado controle da gravidez. A mortalidade infantil, desse modo, manteve-se inalterada, apesar do decréscimo do seu componente pós-neonatal. O aumento expressivo no coeficiente de mortalidade neonatal a partir de 1995 aponta para a queda na qualidade da assistência obstétrica e neonatal, talvez motivada pelo elevado percentual de cesáreas e pela superlotação dos berçários. A tendência de estabilidade ou aumento da mortalidade neonatal é semelhante à observada recentemente no Brasil como um todo e difere da observada em outras cidades brasileiras, nas quais foi descrita queda lenta, mas persistente, da mortalidade neonatal, em oposição a uma redução mais dramática em países desenvolvidos.This study examined neonatal mortality trends in São Luís in the last 18 years. The early and late components were assessed and causes were classified according to SEADE Foundation criteria based on reducibility of deaths and timing of prevention (during prenatal care, childbirth, or neonatal care. Data were derived from official live birth and death records. We detected an unexpected increase in the neonatal mortality rate, due primarily to a steep rise in early neonatal deaths. Causes reducible by early diagnosis and treatment (other specific infections and other neonatal respiratory causes and those partially reducible by adequate monitoring of pregnancy (preterm births, low birth weight, and respiratory distress syndrome showed the largest increase

  13. Mortalidade perinatal de cordeiros no semi-árido da Paraíba Perinatal mortality of lambs in the semi-arid region of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janduí Escarião da Nóbrega Jr

    2005-09-01

    Full Text Available As causas de mortalidade perinatal em ovinos foram estudadas de março de 2002 a outubro 2004 em 27 fazendas da região semi-árida da Paraíba. De 90 cordeiros necropsiados, 41,1% morreram de infecções neonatais, 23,3% por malformações, 10% por inanição/hipotermia, 10% por distocia, 2,2% por predação e 4,4% foram abortos sem causa identificada. Em relação ao momento da morte, 4,4% dos cordeiros morreram antes do parto, 10% durante o parto, 30% no primeiro dia de vida, 20% entre o 2º e 5º dia e 35,6% entre o 4º e 28º dia após o parto. A assistência das ovelhas durante o parto, a desinfecção do umbigo dos cordeiros, a ingestão de colostro 2 a 6 horas após o parto, e a manutenção das ovelhas em locais adequados durante e após o parto contribuiriam para diminuir as mortes perinatais por distocia e infecções neonatais. A alta freqüência de malformações, em diferentes raças, sugere que esses defeitos sejam causados por uma planta tóxica. Os principais defeitos observados foram a flexão permanente dos membros anteriores, braquignatismo, fenda palatina e outras alterações dos ossos da cabeça. Recentemente foi demonstrado o efeito teratogênico de Mimosa tenuiflora ("jurema-preta", uma planta muito comum na região semi-árida, nas áreas de caatinga, que aparentemente é responsável pelas malformações. Os cordeiros mortos por inanição/hipotermia tiveram baixo peso ao nascimento (1,37 ± 0,7kg o que sugere que a principal causa dessas mortes é a deficiente nutrição da mãe durante o último terço da gestação. Considerando-se que na região nordeste, na maioria das fazendas, os carneiros permanecem com as ovelhas durante todo o ano, a adoção de uma estação de monta definida contribuiria para a diminuição da mortalidade perinatal.The causes of perinatal lamb mortality were studied, from March 2002 to October 2004, on 27 farms in the semiarid region of Paraíba, northeastern Brazil. In 90 lambs necropsied

  14. Determinantes e conseqüências da insegurança alimentar no Amazonas: a influência dos ecossistemas Alimentary insecurity determinants and consequences at Amazonas: ecosystems influences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Hélio Alencar

    2007-01-01

    Full Text Available Nesta revisão foram investigados os principais determinantes da transição epidemiológica, nutricional e do padrão de atividade física vivenciados pelos brasileiros nas últimas três décadas. Constata-se nestas pesquisas a exclusão sistemática da região Norte-rural do novo cenário epidemiológico nacional, atualmente caracterizado pelo declínio da desnutrição infantil e elevação concomitante da obesidade, além da ausência de informações científicas a respeito das condições de saúde, nutrição e sobrevivência das populações de praticamente todos os estados da região Norte. Especificamente para o estado do Amazonas é referida a menor estatura entre as crianças brasileiras, o que evidencia exposição à carências nutricionais de longa duração. Do mesmo modo, a análise evolutiva das pesquisas regionais caracteriza a persistência de um quadro grave de insegurança alimentar. Entretanto, sabe-se que a Amazônia é detentora de uma grande diversidade em peixes e frutos, o que deveria representar uma abundante oferta e utilização de proteína de boa qualidade biológica, calorias, vitaminas, minerais, e assim, viabilizar um adequado padrão de saúde, nutrição e qualidade de vida para sua população. A realidade social e econômica, bem como o quadro de precariedade da saúde e da nutrição da Região contrastam com a sua riqueza em recursos naturais. Para o entendimento deste evidente paradoxo foram investigados os componentes do bioma amazônico quanto à: heterogeneidade, complexidade, fragilidade, interatividade e suas relações com o potencial alimentar da região, bem como seu poder de influência na determinação do binômio saúde versus nutrição para os habitantes dos seus diferentes ecossistemas.In this review were investigated the principal determinants of the epidemic transition, nutritional and of the pattern of physical activity lived on by Brazilians in the last three decades. It is verified

  15. Determinants of complex thinking in management practice in business retailers Fatores determinantes na análise da difusão do pensamento complexo na prática gerencial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Grams Land

    2011-10-01

    encourage continuous learning. Such competence, in action, contribute to the dissemination of the principles of the complex administration and can assist managers that work in the retail sector in monitoring environmental information, in defining strategies, in the strengthening of interpersonal relationships and learning of the employees of the organization.  We suggest the new studies in order to validate the instrument, because it can guide the organizations’ management, the development of managerial competence, as well as contribute to the dissemination of complex thinking in organizations in general and management practices in particular.O objetivo do artigo é identificar os fatores determinantes na análise da difusão do pensamento complexo na prática gerencial. O quadro teórico envolve a relação entre o pensamento complexo, a administração e o papel do gerente.  O estudo é de natureza descritiva, com abordagem quantitativa. Foi desenvolvida uma escala com os fatores determinantes na difusão do pensamento complexo na prática gerencial e aplicada a uma amostra de 57 gerentes de estabelecimentos comerciais localizados no principal Shopping Center de uma capital do Nordeste brasileiro. O tratamento dos dados ocorreu em duas etapas. Na primeira, procedeu-se a análise fatorial da escala de difusão do pensamento complexo na prática gerencial e na segunda realizou-se a análise dos resultados levando-se em consideração os fatores identificados. A partir da análise fatorial emergiram cinco fatores: capacidade de criar um ambiente adequado, capacidade de estimular a cooperação, capacidade de interagir e fortalecer canais de comunicação, capacidade de promover agregação em torno de um objetivo global e capacidade de

  16. Determinantes sociais da iniciação sexual precoce na coorte de nascimentos de 1982 a 2004-5, Pelotas, RS Determinantes sociales de la iniciación sexual precoz en la cohorte de nacimientos de 1982 a 2004-5, Pelotas, Sur de Brasil Determinants of early sexual initiation in the Pelotas birth cohort from 1982 to 2004-5, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helen Gonçalves

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar determinantes sociais da iniciação sexual precoce de jovens pertencentes a uma coorte de nascimentos. MÉTODOS: Foram entrevistados em 2004-5 os indivíduos da coorte de nascimentos de Pelotas (RS, em 1982 (N=4.297. A iniciação sexual precoce (OBJETIVO: Analizar las determinantes sociales de la iniciación sexual precoz de jóvenes pertenecientes a una cohorte de nacimientos. MÉTODOS: Fueron entrevistados en 2004-5 los individuos de la cohorte de nacimientos de Pelotas (Sur de Brasil, en 1982 (N= 4.297. La iniciación sexual precoz (OBJECTIVE: To analyze social determinants of early sexual initiation among young adults from a birth cohort. METHODS: Individuals from the 1982 birth cohort (N=4,297 were interviewed in 2004-5, city of Pelotas, Southern Brazil. Early sexual initiation (<13 years of age was the outcome. Descriptive and stratified analyses were performed according to sex. Variables analyzed were family income in 1982, ethnicity, young adult's level of education and change in income (between 1982 and 2004-5. Ethnographic data were used to complement result analysis. RESULTS: Prevalence of early sexual initiation was higher among black and mixed men, and those with low level of education and low family income in 1982 and 2004-5. More traditional male sexual role requirements, such as virility and sexual initiative, showed more repercussion and adherence from an early age among men. Young family women with higher income and level of education tended to delay their sexual initiation. Imposition of traditional values was found to influence early sexual initiation among men and women with lower level of education and income. CONCLUSIONS: Results found re-established the economic factor as a determinant of behavior or uses of sexuality for both sexes. To focus on political efforts that help the economically disadvantaged to have opportunities and egalitarian future perspectives is an important strategy for health

  17. Trend in mortality due to external causes in the State of Espírito Santo, Brazil, from 1994 to 2005 Evolução da mortalidade por causas externas no estado do Espírito Santo, Brasil, no período de 1994 a 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmilla da Silva Viana Jacobson

    2009-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to analyze the trend in mortality due to external causes in the State of Espírito Santo, Brazil, from 1994 to 2005, according to specific groups (traffic injuries, poisoning, intentional self-harm, assault, age group and gender. The trend analysis was performed with polynomial regression models, based on data from the Brazilian Ministry of Health's Mortality Information System. For all external causes, the trend was not statistically significant, but when it was stratified by gender and age group the results showed a downward trend in some strata. According to gender, the yearly increase in mortality rate was higher for men. In general, this increase was observed in all age groups. For traffic injuries, there was a decrease in the mortality rate, mainly for men. There was a decrease in deaths from poisoning for both men and women. Intentional self-harm showed an upward trend, especially for 50 and over age group. As a specific group, assault also showed a significant upward trend for under-34 age groups and for men.O presente estudo tem como objetivo analisar a tendência da mortalidade por causas externas no estado do Espírito Santo, Brasil, durante o período de 1994 a 2005, por seus grupos específicos (acidentes de transporte, envenenamento e intoxicação, lesões autoprovocadas voluntariamente, agressões, faixa etária e sexo. A análise da tendência foi realizada através de modelos de regressão polinomial, com base no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM do Ministério da Saúde. As causas externas de mortalidade não apresentaram tendência significativa, porém quando estratificados por faixa etária e sexo os resultados mostraram tendência decrescente em alguns estratos. Em todas as faixas etárias, a taxa de mortalidade foi maior nos homens. Entre o grupo de acidentes de transporte houve um decréscimo na taxa de mortalidade, principalmente nos homens. Houve redução nos óbitos referentes a

  18. Pneumonia associada à ventilação mecânica: impacto da multirresistência bacteriana na morbidade e mortalidade Ventilator-associated pneumonia: impact of bacterial multidrug-resistance on morbidity and mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo José Zimermann Teixeira

    2004-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A pneumonia associada à ventilação mecânica é a infecção hospitalar mais comum nas unidades de terapia intensiva. OBJETIVO: Determinar o impacto da multirresistência dos microorganismos na morbidade e mortalidade dos pacientes com pneumonia associada à ventilação mecânica. MÉTODO: Estudo de coorte retrospectivo. Em 40 meses consecutivos, 91 pacientes sob ventilação mecânica tiveram o diagnóstico de pneumonia. Os casos foram divididos entre causados por microorganismo multirresistente e causados por microorganismo sensível à antibioticoterapia. RESULTADOS: Pneumonia foi causada por microorganismo multirresistente em 75 casos (82,4% e por microorganismo sensível 16 (17,6% deles. As características clínicas e epidemiológicas não foram estatisticamente diferentes entre os grupos. O Staphylococcus aureus foi responsável por 27,5% dos episódios de pneumonia associada à ventilação mecânica e a Pseudomonas aeruginosa por 17,6%. A doença foi de início recente em 33 pacientes (36,3% e de início tardio em 58 deles (63,7%. Os tempos de ventilação mecânica, de internação em unidade de terapia intensiva e de internação hospitalar total não diferiram. O tratamento empírico foi considerado inadequado em 42 pacientes com pneumonia por microorganismo multirresistente (56% e em 4 com pneumonia por microorganismo sensível (25% (p = 0,02. Óbito ocorreu em 46 pacientes com a pneumonia por microorganismo multirresistente (61,3%, e em 4 daqueles com pneumonia por microorganismo sensível (25% (p = 0,008. CONCLUSÃO: A multirresistência bacteriana não determinou nenhum impacto na morbidade, mas esteve associada à maior mortalidade.BACKGROUND: Ventilator-associated pneumonia is the most common nosocomial infection occurring in intensive care units. OBJECTIVE: To determinate the impact of multidrug-resistant bacteria on morbidity and mortality in patients with ventilator-associated pneumonia. METHOD

  19. Mortalidade materna em Recife. 1. Avaliação da subenumeração de estatísticas oficiais Maternal mortality in Recife.1. An evaluation of the completeness of vital statistics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rivaldo Mendes de Albuquerque

    1997-01-01

    Full Text Available Este estudo analisou os óbitos de mulheres com idade entre 10 a 49 anos, ocorridos em Recife, Pernambuco, nos anos de 1992 e 1993, com a finalidade de identificar os óbitos maternos neste período e confrontá-los com as estatísticas oficiais. As informações foram obtidas a partir de 1.013 declarações de óbito, sendo complementadas com consultas aos prontuários médicos, fichas de anestesia, relatórios de enfermagem, perícias tanatoscópicas do Instituto de Medicina Legal, relatórios das necrópsias do Serviço de Verificação de óbitos e por meio de entrevistas com os médicos que assistiram estes óbitos ou com familiares das mulheres que faleceram. Calcularam-se as razões de mortalidade materna (RMM para o Município de Recife para cada ano e para o período total do estudo. As 20 mortes maternas declaradas representaram 2% dos óbitos entre mulheres nessa faixa etária. Após a investigação encontraram-se mais 22 casos para todo o período. A RMM pelas estatísticas oficiais era de 37,0 por 100.000 nascidos vivos, passando a 77,7 após a correção. Esta diferença representou uma subenumeração de 52,4%. Conclui-se que, no caso de Recife, não se poderia aplicar o fator de correção de 3,0 recomendado para a Região Nordeste pelo Ministério da Saúde, porque a mortalidade materna estaria sendo então superestimada.This study analysed maternal deaths occurring in 1992 and 1993 in the city of Recife, Pernambuco State, Brazil, among all deaths of females aged 10 to 49 years, and to compare the results with vital statistics records. Information was obtained from 1013 death certificates and was supplemented through an analysis of medical records, anesthesia forms, nursing reports, results of autopsies performed by the Forensic Medicine Institute, necropsy reports from the Death Investigation Service, and interviews with both attending physicians and the women's relatives. Maternal mortality rates were calculated for the city

  20. Tendência e diferenciais socioeconômicos da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná (Brasil, 1980-2000 Socioeconomic trends and differentials in mortality due to cervical cancer in the State of Paraná (Brazil, 1980-2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erildo Vicente Müller

    2011-05-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é discutir a evolução da mortalidade por câncer de colo de útero no Estado do Paraná entre 1980 e 2000 e analisar seus diferenciais socioeconômicos em cada região. Taxas de mortalidade ajustadas por idade foram calculadas para as 22 regionais de saúde do Estado a cada ano. Análises comparativas avaliaram indicadores socioeconômicos associados com regiões que apresentaram tendência estacionária e crescente de mortalidade. A mortalidade por câncer de colo uterino cresceu no Estado como um todo a uma taxa de 1,68% (IC 1,20-2,17 ao ano. A maior parte das regiões apresentou tendência estacionária de mortalidade por câncer de colo de útero. As regionais com tendência de aumento na mortalidade apresentaram proporção significativamente mais elevada de analfabetismo (pThe scope of this paper is to discuss the evolution of mortality due to cervical cancer in the State of Paraná, Brazil, between 1980 and 2000 and analyze the socioeconomic differentials in each region of the State. Mortality data were gathered from the System for Information on Mortality by age and town of residence. Age-adjusted death rates were calculated for 22 regions of the state in each year. Comparative analysis evaluated socioeconomic indicators associated with regions that showed either stationary or increasing mortality trends. Cervical cancer deaths increased in the state of Paraná, with an annual percentage increase of 1.68% (1.20 to 2.17, 95% confidence interval. Most of the regions presented a stationary trend of cervical cancer deaths. The comparison of regions presenting an increasing trend indicated poorer socioeconomic indices for the former set: regions with an increase in cervical cancer mortality had a significantly higher illiteracy rate (p<0.001, percentage of individuals older than 15 years with less than 4 years schooling (p=0.001, and lower per-capita income (p=0.025 and human development index (p=0.023. An

  1. Aspectos da mortalidade infantil, conforme informações da investigação do óbito Aspectos de la mort alidad infantil, conforme informaciones de la investigación del óbito Aspects of infant mortality, according to an investigation of death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isadora Porte Santana

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar algumas características da mortalidade infantil de residentes na área da 15º Regional de Saúde do Paraná, de 2005 a 2008. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório que abrangem 397 óbitos investigados pelo Comitê de Prevenção da Mortalidade Infantil, utilizando os dados das fichas de investigação. RESULTADOS: Para 82,3% das famílias, a renda mensal foi de até três salários mínimos; 65,1% das mães realizaram o pré-natal em rede pública; 83,4% dos partos foram financiados pelo Sistema Único de Saúde e 59,2% das mulheres iniciaram o pré-natal no primeiro trimestre. Das mães, 68,5% tiveram complicações durante a gestação, 18,2% tiveram trabalho de parto prematuro; 18,2% infecção urinária e 16,5% hipertensão arterial. CONCLUSÃO: A baixa renda, a utilização do serviço público para o pré-natal e parto evidenciam que as instituições públicas, as equipes de saúde e o enfermeiro devem aprimorar o atendimento à gestante, com atribuição do risco gestacional, para contribuir com a continuidade da redução da mortalidade infantil.OBJETIVO: Analizar algunas características de la mortalidad infantil de residentes en el área de la 15º Región de Salud de Paraná, del 2005 al 2008. MÉTODOS: Estudio descriptivo exploratorio que abarcan 397 óbitos investigados por el Comité de Prevención de la Mortalidad Infantil, utilizando los datos de las fichas de investigación. RESULTADOS: Para el 82,3% de las familias, el ingreso mensual fue de hasta tres salarios mínimos; el 65,1% de las madres realizaron el prenatal en una red pública; el 83,4% de los partos fueron financiados por el Sistema Único de Salud y el 59,2% de las mujeres iniciaron el prenatal en el primer trimestre. De las madres, el 68,5% tuvieron complicaciones durante la gestación, el 18,2% tuvieron trabajo de parto prematuro; el 18,2% infección urinaria y el 16,5% hipertensión arterial. CONCLUSIÓN: El bajo ingreso, la utilizaci

  2. Determinantes da escolarização de crianças e adolescentes em situação de rua no estado de Minas Gerais Determinantes de la escolarización de niños y adolescentes de la calle en el estado de Minas Gerais Determinants of primary and secondary education among street children and teenagers in Minas Gerais State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Poley Martins Ferreira

    2010-09-01

    Full Text Available O artigo investiga os determinantes do acesso à educação de crianças e adolescentes em situação de rua no estado de Minas Gerais. Os dados utilizados se baseiam em uma ampla pesquisa realizada nos 21 maiores municípios do estado, que culminou com a coleta de diversas informações de um total de 3.028 crianças e adolescentes que moram ou exercem alguma atividade remunerada nas ruas. Com base nesses dados, estimou-se um modelo Logit, que permitiu identificar a correlação entre diversas variáveis e o acesso à educação. Os resultados encontrados vão na direção dos principais desenvolvimentos da literatura, demonstrando a influência negativa, entre outros fatores, do número de dias trabalhados, moradia na rua, da idade, da gravidez na adolescência, e da localização em município da região metropolitana. Por outro lado, políticas públicas de transferência de renda parecem ampliar as possibilidades de estudo para as crianças e adolescentes que trabalham ou vivem nas ruas.El artículo analiza los determinantes del acceso a la educación de niños y adolescentes de la calle en el estado de Minas Gerais. Los datos provienen de una investigación amplia llevada a cabo en 21 ciudades del estado, incluyendo las más grandes. La investigación permitió recolectar información acerca de 3028 niños y adolescentes que viven o trabajan en las calles. A partir de estos datos, se estimó un modelo Logit, lo que permitió identificar la correlación entre diversas variables y el acceso a la educación. Los resultados hallados tienen relación con los principales desarrollos de la literatura, lo que demuestra, entre otros factores, la influencia negativa del número de días trabajados, de la estadía en la calle, la edad, el embarazo en la adolescencia, y la ubicación en municipio de la región metropolitana. Por otro lado, políticas públicas, como programas de transferencia de renta, parecen aumentar el acceso a la escuela por parte

  3. Determinantes sociales adversos y riesgo para anomalías congénitas seleccionadas

    OpenAIRE

    Pawluk, Mariela S.; Campaña, Hebe Edith; Gili, Juan; Comas, Belén; Giménez, Lucas; Villalba, María I.; Scala, Sandra C.; Poletta, Fernando A.; López Camelo, Jorge Santiago

    2014-01-01

    Introducción. Diferentes trabajos han relacionando condiciones sociales adversas a nivel familiar y regional con resultados perinatales (mortalidad neonatal, bajo peso y prematuridad); sin embargo, pocos estudiaron el efecto de la pobreza sobre anomalías congénitas. Objetivo. Evaluar el riesgo de ocurrencia de 25 anomalías congénitas y determinantes sociales adversos según el nivel socioeconómico de la familia y de la región. Población y métodos. Estudio caso-control explo...

  4. Mortalidade infantil em município da região Centro-Oeste Paulista, Brasil, 1990 a 1992 Infant mortality in a midwest city of Southeastern Brazil, 1990 to 1992

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime de O. Gomes

    1997-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mortalidade infantil em Presidente Prudente, SP (Brasil, foi estudada no período de 1990 a 1992, a partir de aplicação de métodos para obtenção de diagnóstico coletivo que orientassem a identificação e escolha de estratégias de controle de problemas locais. MATERIAL E MÉTODO: Foram utilizadas declarações de óbito colhidas no cartório, cujos dados originais foram corrigidos por meio de pesquisa documental nos serviços de saúde e entrevistas domiciliares. Para estudar variáveis como idade materna e peso ao nascer foram utilizados os dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC. A qualidade dos dados originais das declarações de óbitos foi inicialmente analisada pela quantidade de informações, sensibilidade, especificidade e valor de Kappa. RESULTADO: A sensibilidade global para a causa básica de óbito foi 78,84% e Kappa igual a 71,32 para o total de causas. Ocorreram 189 óbitos, sendo 66,15% no período neonatal (41,28% durante o primeiro dia de vida e 33,85% no infantil tardio. O peso ao nascer de 58,28% dos óbitos foi menor que 2.500g. As causas básicas de óbito foram estudadas segundo a possibilidade de serem prevenidas (método desenvolvido por Erica Taucher por grupos de causas reduzidas utilizadas no "International Collaborative Effort" (ICE, causas múltiplas e distribuição geográfica. Observou-se que nos óbitos ocorridos até 27 dias, 22,23% poderiam ser evitados por adequada atenção ao parto, 20,64% seriam redutíveis por diagnóstico e tratamento precoce, 13,75% por bom controle da gravidez e apenas 7,94% não evitáveis. Das mortes ocorridas no período infantil tardio, 12,17% foram classificadas como outras preveníveis e 4,23% foram consideradas não evitáveis. Segundo os grupos do ICE, 58,74% faleceram por imaturidade ou asfixias; 19,58% por infecções e, 12,17%, por anomalias congênitas. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem prioridade para assistência obst

  5. Mortalidade perinatal por sífilis congênita: indicador da qualidade da atenção à mulher e à criança Perinatal mortality due to congenital syphilis: a quality-of-care indicator for women's and children's healthcare

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Saraceni

    2005-08-01

    Full Text Available A sífilis permanece como causa importante de mortalidade perinatal no Município do Rio de Janeiro, Brasil, onde o presente estudo foi realizado utilizando os dados do Sistema de Informação de Mortalidade e das Fichas de Notificação e Investigação de Óbitos Fetais e Neonatais, obrigatórias para as maternidades municipais. Entre 1996 e 1998, a sífilis congênita foi responsável por 13,1% dos óbitos fetais e 6,5% dos neonatais nas maternidades municipais. Entre 1999 e 2002, os percentuais foram de 16,2% e 7,9%, respectivamente. Para o Município do Rio de Janeiro, de 1999 a 2002, os percentuais foram 5,4% e 2,2%, para óbitos fetais e neonatais. A taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita permanece estável no Município do Rio de Janeiro apesar dos esforços iniciados com as campanhas para eliminação do agravo em 1999 e 2000. Propomos a utilização da taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita como indicador de impacto das ações de controle e eliminação da sífilis congênita e sugerimos a utilização das fichas de notificação e investigação de óbitos fetais e neonatais para a vigilância de outros agravos evitáveis.Syphilis is a persistent cause of perinatal mortality in Rio de Janeiro, Brazil, where this study was performed using data from the mortality data system and investigational reports for fetal and neonatal deaths, mandatory in municipal maternity hospitals. From 1996 to 1998, 13.1% of fetal deaths and 6.5% of neonatal deaths in municipal maternity hospitals were due to congenital syphilis. From 1999 to 2002, the proportions were 16.2% and 7.9%, respectively. For the city of Rio de Janeiro as a whole from 1999 and 2002, the proportions were 5.4% of fetal deaths and 2.2% of neonatal deaths. The perinatal mortality rate due to congenital syphilis remains stable in Rio de Janeiro, despite efforts initiated with congenital syphilis elimination campaigns in 1999 and 2000. We propose that the

  6. Óbitos infantis investigados pelo Comitê de Prevenção da Mortalidade Infantil em região do Estado do Paraná Muertes de infantes investigadas por el Comité de Prevención en Mortalidad Infantil del estado de Paraná Infant deaths investigated by the Prevention Committee of Infant Mortality in region of Paraná state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Aidar de Freitas Mathias

    2008-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo analisar óbitos infantis na 15ª Regional de Saúde do Paraná utilizando o resultado das investigações do Comitê de Prevenção da Mortalidade Infantil. Trata-se de um estudo descritivo exploratório, a partir do Sistema de Investigação de Mortalidade Infantil e Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos no período de 2000 a 2006. O coeficiente de mortalidade infantil diminuiu de 13,2% para 11,6%. Dos 799 óbitos, o Comitê investigou 74,5%; destes, 56,5% no período neonatal precoce. As afecções originadas no período perinatal e as malformações congênitas foram causas principais de óbito. Foram considerados reduzíveis 70,1% dos óbitos. A redutibilidade foi maior para óbitos de mães adolescentes, recém-nascidos ≥ 2500g, parto normal, raça/cor preta, parda e indígena e mães sem consulta de pré-natal. As análises dos óbitos devem ser efetuadas mais próximas das equipes de saúde da família, que conhecem as gestantes para aprimoramento do trabalho e qualidade nas análises do Comitê.Estudio que tuvo como objetivo analizar las muertes infantiles en la 15ª Región de Salud de Paraná basadas en los resultados de investigaciones del Comité de Prevención en Mortalidad Infantil. Se trata de un estudio descriptivo exploratorio utilizando para ello el Sistema de Investigación de Mortalidad Infantil y el Sistema de Informaciones sobre los Nacidos Vivos durante el período de 2000 a 2006. El coeficiente de mortalidad infantil disminuyó de 13,2% para 11,6%. Del total de muertes encontradas (799, el comité investigó 74,5%, de las cuales 56,5% fueron durante el período neonatal precoz. Las afecciones durante el período perinatal y las malformaciones congénitas fueron las principales causas de muerte. El 70,1% de las muertes fueron consideradas como deducibles. De la misma forma, se dedujo que la mayor proporción de muertes fueron las de niños de madres adolescentes, recién nacidos

  7. Determinants of vaccination after the Colombian health system reform Determinantes da vacinação após reforma do sistema de saúde na Colômbia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Naydú Acosta-Ramírez

    2005-06-01

    de Utilização de Serviços de Saúde de Andersen. Este considera duas unidades de análise para avaliar a vacinação e seus determinantes: 1 a população carente assegurada, inclusive características das crianças e suas famílias; e 2 o sistema de saúde. As análises estatísticas incluíram o teste do qui-quadrado com intervalo de confiança de 95%, modelos de regressão multivariada e coeficiente alfa de Cronbach. RESULTADOS: A análise de regressão mostra que a vacinação esteve relacionada com o tamanho da família (OR=4,3, a área da residência (OR=1,7, a idade da criança (OR=0,7 e os anos de escolaridade do chefe de família (OR=0,5. Também esteve relacionada com as características do sistema de saúde, tais como a disponibilidade de posto de atendimento (OR=6,0, e a informação sobre os programas e horários dos serviços de saúde (OR=2,1. CONCLUSÕES: Os baixos níveis de vacinação e a importante relação que existe com o sistema de atendimento mostram barreiras que devem ser avaliadas e resolvidas. A inexistência de postos com atendimento regular e a deficiente informação à população são fatores que podem limitar a utilização dos serviços.

  8. Determinantes precoces da glicemia casual em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS Determinantes precoces de la glicemia casual en adultos de la cohorte de nacimientos de 1982, Pelotas, Sur de Brasil Early determinants of random blood glucose among adults of the 1982 birth cohort, Pelotas, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo L Horta

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito de variáveis socioeconômicas, peso ao nascer, duração da amamentação e mudança de renda sobre a glicemia ao acaso em jovens adultos. MÉTODOS: Estudo sobre coorte de nascidos em 1982, quando os 5.914 nascimentos hospitalares ocorridos na cidade de Pelotas foram identificados e as mães entrevistadas. As crianças, cujas famílias residiam na área urbana da cidade, foram acompanhadas diversas vezes. Em 2004-5, 4.927 indivíduos da coorte foram entrevistados e 3.730 tiveram sangue da polpa digital coletado para medida da glicemia casual. Foi avaliada a associação entre glicemia casual e cor da pele, renda familiar ao nascer, escolaridade materna, mudança de renda entre 1982 e 2004-5, peso ao nascer e duração da amamentação. RESULTADOS: A média da glicemia foi de 97,3±15,1mg/dL, sendo maior entre os homens. Nenhuma das variáveis estudadas esteve associada com a glicemia dos homens. Entre as mulheres, a escolaridade materna, a renda familiar aos 23 anos e o peso ao nascimento estiveram inversamente associados com a glicemia. Contudo, o efeito do peso ao nascer perdeu a significância estatística na análise multivariável. CONCLUSÕES: O peso ao nascer e a duração da amamentação não apresentaram efeito em longo prazo sobre a glicemia casual, apenas a escolaridade materna e a renda atual estiveram associados com a glicemia casual nas mulheres.OBJETIVO: Evaluar el efecto de variables socioeconómicas, peso al nacer, duración del amamantamiento y cambio de renta sobre la glicemia al azar en jóvenes adultos. MÉTODOS: Estudio sobre cohorte de nacidos en 1982, cuando los 5.914 nacimientos hospitalares ocurridos en la ciudad de Pelotas fueron identificados y las madres entrevistadas. Los niños, cuyas familiar residían en el área urbana de la ciudad, fueron acompañadas diversas veces. En 2004-5, 4.927 individuos de la cohorte fueron entrevistados y 3.730 tuvieron sangre de la pulpa digital colectada

  9. Determinantes precoces da pressão arterial em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS Determinantes precoces de la presión arterial en adultos de la cohorte de nacimientos de 1982, Pelotas, Sur de Brasil Early determinants of blood pressure among adults of the 1982 birth cohort, Pelotas, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo L Horta

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos de exposições ocorridas na gestação ou nos primeiros anos de vida sobre a pressão arterial. MÉTODOS: Estudo de coorte com todas as crianças nascidas em 1982 nas maternidades da cidade de Pelotas, RS. As mães residentes em área urbana foram entrevistadas e as crianças, acompanhadas em diferentes ocasiões. Em 2004-5, buscou-se acompanhar todos os indivíduos da coorte. A pressão arterial foi medida duas vezes, no início e no final da entrevista, com esfigmomanômetro digital de pulso. Foi avaliada a associação entre pressão arterial e as seguintes variáveis: cor da pele; escolaridade materna; renda familiar ao nascer; mudança de renda entre o nascimento e os 23 anos de idade; peso ao nascer e duração da amamentação. A análise de variância foi utilizada para a comparação de médias e os modelos lineares generalizados na análise ajustada. RESULTADOS: Obteve-se a medida da pressão arterial para 4.291 indivíduos, 2.208 do sexo masculino e 2.083 do sexo feminino. A média das medidas da pressão arterial sistólica foi de 117,5±15,0 mmHg e da diastólica, de 73,6±11,5 mmHg. Entre os homens, a pressão arterial sistólica foi maior nos indivíduos de cor da pele preta ou parda e naqueles que nunca foram considerados pobres. A pressão diastólica esteve associada apenas com o peso ao nascer. Entre as mulheres, a pressão arterial sistólica foi maior nas de cor da pele preta ou parda, cuja escolaridade materna era maior ou igual a 12 anos ou com peso ao nascer menor do que 4.000 g. CONCLUSÕES:Para ambos os sexos apenas a cor da pele esteve associada com a pressão arterial. A amamentação não teve efeito em longo prazo sobre a pressão arterial, e para o peso ao nascer e o nível socioeconômico, as associações não foram consistentes.OBJETIVO: Evaluar los efectos de exposiciones ocurridas en la gestación o en los primeros años de vida sobre la presión arterial. MÉTODOS: Estudio de

  10. Determinantes individuais e contextuais da necessidade de tratamento odontológico na dentição decídua no Brasil Individual and contextual determinants of dental treatment needs of children with primary dentition in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Leopoldo Ferreira Antunes

    2006-03-01

    Full Text Available Para documentar níveis de doença bucal no Brasil, e avaliar determinantes da experiência de cárie, estudou-se a condição dentária de 26.641 crianças de cinco anos de idade, conforme dados fornecidos por um levantamento nacional de saúde bucal realizado em 2002-3, compreendendo 250 cidades. A prevalência de cárie não tratada foi associada a características sociodemográficas das crianças examinadas e condições geográficas das cidades participantes, através de análise multinível. As regiões brasileiras com melhores indicadores sociais apresentaram perfil mais favorável de saúde bucal. Crianças negras e pardas, e aquelas estudando em áreas rurais e em pré-escolas públicas, apresentaram chance significantemente mais elevada de terem dentes decíduos cariados não tratados. O perfil de saúde bucal das cidades foi associado com a adição de flúor à água de abastecimento público, a proporção de domicílios ligados à rede de águas e o Índice de Desenvolvimento Humano. A experiência de cárie dentária é suscetível a desigualdades sociodemográficas e geográficas; o monitoramento dos contrastes em saúde bucal é relevante para a programação de intervenções socialmente apropriadas, dirigidas a melhorias globais e ao direcionamento de recursos para grupos de população com níveis mais elevados de necessidades.To document levels of dental disease in Brazil, and to appraise contextual and individual determinants of caries experience, we studied the dental status of 26,641 five-year-old schoolchildren, as informed by a country-wide survey of oral health comprising 250 towns and performed in 2002-3. The prevalence of untreated caries was associated with socio-demographic characteristics of examined children (gender, ethnic group, localisation and type of school, and geographic conditions of participating towns (human development index, and differential levels of access to fluoridated tap water, in a multilevel

  11. Estudo da Mortalidade Materna no Município de São Paulo durante o Ano de 1996 Maternal Mortality in São Paulo City in 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Carlos Pazero

    1998-08-01

    Full Text Available Objetivos: estabelecer uma lista das doenças que provocaram óbito materno por ordem de freqüência. Métodos: no ano de 1996 foram registrados 65.406 óbitos no Município de São Paulo, sendo que 26.778 foram mulheres. Destas, 4.591 se encontravam na faixa entre 10 e 49 anos. Realizamos uma análise deste último grupo, tendo por crivo o campo "Causa da Morte" da Declaração de Óbito, onde tentamos estabelecer alguma correlação entre a patologia ali descrita e o ciclo gravídico-puerperal. Separamos para um estudo mais aprofundado 293 Declarações de Óbito, das quais selecionamos, após pesquisa hospitalar e/ou visita domiciliar, um total de 119 casos positivos para morte materna. Os casos positivos para morte materna foram então tabulados, agrupados e analisados por idade e patologia, utilizando-se os grandes grupos de assistência. Resultados: dos 119 casos positivos para morte materna não havia referência ao estado gravídico-puerperal em 53 deles, ou seja, 40,54% de subnotificação. Os casos foram agrupados por patologia, sendo que encontramos um predomínio de casos de eclâmpsia/pré-eclâmpsia (18,02%, seguidos pelos casos decorrentes de complicações hemorrágicas de terceiro trimestre e puerpério (12,61%, complicações de aborto (12,61%, infecção puerperal (9,91% e cardiopatias (9,91%. Conclusões: pela primeira vez estamos divulgando o Coeficiente de Mortalidade Materna Tardio para o Município de São Paulo, que foi de 51,33/100.000 nascidos vivos. Utilizamos para divulgação oficial, porém, o Coeficiente de Mortalidade Materna para óbitos até 42 dias de puerpério, que para o Município de São Paulo foi de 48,03/100.000 nascidos vivos. Lembramos que a este valor não se deve aplicar nenhum fator de correção, tendo em vista termos feito uma busca ativa de casos.Purpose: to establish a list of diseases promoting maternal death according to frequency. Methods: In 1996, 65,406 deaths were recorded in the City of

  12. Infant mortality trends in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, 1994-2004: a multilevel analysis of individual and community risk factors Tendência da mortalidade infantil no Rio Grande do Sul, Brasil, 1994-2004: uma análise multinível de fatores de risco individuais e contextuais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselaine Ruviaro Zanini

    2009-05-01

    Full Text Available The aim of this study was to analyze the trend in infant mortality rates in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, from 1994 to 2004, in a longitudinal ecological study, by means of panel data analysis and multilevel linear regression (two levels: microregion and time to estimate factors associated with infant mortality. The infant mortality rate decreased from 19.2‰ (1994 to 13.7‰ (2004 live births, and the principal causes of death in the last five years were perinatal conditions (54.1%. Approximately 47% of the variation in mortality occurred in the microregions, and a 10% increase in coverage by the Family Health Program was associated with a 1‰ reduction in infant mortality. A 10% increase in the poverty rate was associated with a 2.1‰ increase in infant deaths. Infant mortality was positively associated with the proportion of low birthweight newborns and the number of hospital beds per thousand inhabitants and negatively associated with the cesarean rate and number of hospitals per 100 thousand inhabitants. The findings suggest that individual and community variables display significant effects on the reduction of infant mortality rates.O objetivo deste trabalho foi analisar a tendência das taxas de mortalidade infantil no Rio Grande do Sul, Brasil, de 1994 a 2004, em estudo ecológico longitudinal, por meio de análise de dados de painel e regressão linear multinível (dois níveis: microrregião e tempo para estimar fatores associados à mortalidade infantil. A taxa de mortalidade infantil reduziu de 19,2‰ (1994 para 13,7‰ (2004 nascidos vivos, e a principal causa de óbito, nos últimos cinco anos, foi afecções perinatais (54,1%. Aproximadamente 47% da variação nas taxas de mortalidade ocorreram nas microrregiões, e 10% de acréscimo na cobertura do Programa Saúde da Família esteve associado à redução de 1‰ na mortalidade infantil. O aumento de 10% na taxa de pobreza esteve associado com um aumento de 2,1

  13. Correlação entre tempo para o tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur Correlation between time until surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Gonçalves Arliani

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo primário do estudo é analisar a possível associação entre o atraso para a realização do tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur. MÉTODOS: Foram estudados 269 pacientes com fraturas da extremidade proximal do fêmur (fraturas do colo do fêmur e fraturas intertrocanterianas, tratadas cirurgicamente no Hospital São Paulo - Unifesp-SP, no período de janeiro de 2003 a dezembro de 2007. Foram analisados e comparados com a literatura referente ao assunto os seguintes atributos: sexo, idade, tipo de fratura, classificação da mesma, lado acometido, síntese utilizada, mecanismo de trauma, tempo de internação, tempo para cirurgia, comorbidades associadas, hemograma de entrada, tipo de anestesia, necessidade de transfusão sanguínea, dia da semana e estação do ano da fratura. RESULTADOS: O estudo apresentou correlação entre maior número de comorbidades clínicas, maior tempo de internação e utilização de anestesia geral na cirurgia com maior mortalidade dos pacientes. CONCLUSÃO: Não houve associação entre tempo para realização da cirurgia e mortalidade.OBJECTIVE: The primary aim of this study was to analyze the possible association between delay in receiving surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur. METHODS: 269 patients with fractures at the proximal end of the femur (femur neck and intertrochanteric fractures who were treated surgically at Hospital São Paulo, UNIFESP, São Paulo, between January 2003 and December 2007, were studied. Sex, age, type of fracture, classification of the fracture, affected side, synthesis used, trauma mechanism, length of hospitalization, length of surgery, associated comorbidities, hemogram at admission, type of anesthesia, need for blood transfusion, day of the week and season of the year of the fracture were analyzed and compared with the literature

  14. Desigualdade de indicadores de mortalidade no Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Cordeiro

    1999-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Há indícios de que a deterioração das condições de trabalho ocorrida em anos recentes influencie a mortalidade. O objetivo do estudo é estimar indicadores de mortalidade para a população de Botucatu, classificada de acordo com as ocupações exercidas. MÉTODO: Foram calculados os indicadores coeficiente de mortalidade padronizado (CMP, razão de risco padronizada e anos potenciais de vida perdidos (APVP para a população de Botucatu, em 1997, segundo ocupações e causas básicas do óbito. RESULTADOS: Os indicadores CMP e APVP variaram entre 0,6 e 39,9 óbitos/1000 trabalhadores e entre 33 e 334 anos/1000 trabalhadores, respectivamente, de acordo com a ocupação principal exercida. Observou-se que a ordenação quantitativa das causas de óbito depende da ocupação e do indicador utilizado. CONCLUSÕES: Os indicadores de mortalidade verificados apresentam uma grande heterogeneidade quando analisados de acordo com ocupação e causas básicas de óbito, refletindo a enorme desigualdade social existente na população estudada.

  15. Contribuição para o estudo do significado da evolução do coeficiente de mortalidade infantil no município de São Paulo, SP (Brasil nas três última décadas (1950-1979 A contribution to the study of the significance of the trends in infant mortality rates for the city of S. Paulo, Brazil, during the last three decades (1950-1979

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Monteiro

    1982-02-01

    Full Text Available Buscando contribuir ao estudo da relação evolução da mortalidade infantil - evolução da qualidade de vida, foram examinadas no município de São Paulo as correlações existentes nas três últimas décadas entre as séries históricas da mortalidade e as séries históricas do valor do salário mínimo e da cobertura do abastecimento público de água. Estes dois últimos, salário e água, entendidos como fatores de maior e menor abrangência para o conjunto das condições de vida da população. O descenso da mortalidade na década de 50 e o ascenso da mesma na década de 60 estiveram significativamente relacionados à evolução do salário-mínimo real. Entretanto, a evolução da mortalidade na década de 70, com importante queda a partir de 1974, esteve relacionada especificamente à evolução do abastecimento de água. Conclui-se que no período 1950-1979 são diferentes as implicações para a qualidade de vida que podem ser tiradas a partir da evolução da mortalidade infantil e que parece equivocado afirmar-se que a reversão das altas mortalidades a partir de 1974 tenha significado idêntica reversão na deterioração das condições de vida que ensejaram o ascenso da mortalidade no período anterior.The possible correlations between infant mortality statistics and those, first, on the real value of the legal minimum salary and, sencondly, on the extent of the public water-supply system, for the city of S. Paulo (Brazil over the last three decades, were studied with a view to determining the relationship between the historical trends in the infant mortality rates and in the quality of life. The abovementioned factors - salary and water-supply - are taken as factors of greater and lesser relevance, respectively, for the overall picture of the living conditions of the population. The mortality decline in the 50s and its increase in the 60s were found to be related, significantly, to the trends in the real value of the legal

  16. Mortalidade por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de São Paulo Cancer mortality among rubber industry workers in São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Neves

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as mortes por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de acordo com o tamanho da empresa. MÉTODOS: Coorte histórica com 9.188 trabalhadores masculinos, matriculados em sindicato de trabalhadores da indústria de borracha do Estado de São Paulo entre 1975 e 1985, sobreviventes em janeiro de 1990 e acompanhados até o final de 2000. As mortes por câncer foram comparadas internamente à coorte, cujos membros foram subdivididos em estratos por porte e sub-ramo da empresa, setor de trabalho e qualificação profissional. A abordagem por conjuntos de risco e regressão logística condicional foi utilizada para o cálculo dos riscos relativos, ajustados por idade, tempo desde o primeiro emprego e tempo de trabalho na indústria da borracha. RESULTADOS: Quando comparados aos empregados de grandes empresas, trabalhadores de pequenas empresas mostraram excesso de mortes por todos tipos de câncer (RR=2,33; IC 95%: 0,90-6,03; tumores de estômago (RR=3,47; IC 95%: 2,57-4,67 e do trato aero-digestivo superior (RR=2,49; IC 95%: 1,78-3,48. Identificou-se excesso de mortes por câncer nos trabalhadores dos setores de manutenção (RR=2,23; IC 95%: 0,73-6,76; expedição, armazenamento e transporte (RR=2,97; IC 95%: 0,77-11,38; e produção (RR=3,51; IC 95%: 1,07-11,57, comparados aos trabalhadores dos setores administrativos. CONCLUSÕES: Os resultados mostram evidências de aumento do risco de tumores de estômago e do trato aero-digestivo superior e, possivelmente, por câncer em geral em trabalhadores de empresas de pequeno porte da indústria da borracha quando comparados aos trabalhadores das grandes empresas.OBJECTIVE: To investigate cancer deaths among rubber industry workers according to company size. METHODS: This historical cohort study included 9,188 male workers, engaged as members of a workers' union in São Paulo, Southeastern Brazil, between 1975 and 1985, alive in January 1990 and followed until the end of 2000

  17. Mortalidad intrahospitalaria por accidente cerebrovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Federico Rodríguez Lucci

    2013-08-01

    Full Text Available La mortalidad global por accidente cerebrovascular (ACV ha disminuido en las últimas tres décadas, probablemente debido a un mejor control de los factores de riesgo vascular. La mortalidad hospitalaria por ACV ha sido tradicionalmente estimada entre 6 y 14% en la mayoría de las series comunicadas. Sin embargo, los datos de ensayos clínicos recientes sugieren que esta cifra sería sustancialmente menor. Se revisaron datos de pacientes internados con diagnóstico de ACV del Banco de Datos de Stroke de FLENI y los registros institucionales de mortalidad entre los años 2000 y 2010. Los subtipos de ACV isquémicos se clasificaron según criterios TOAST y los ACV hemorrágicos en hematomas intrapanquimatosos, hemorragias subaracnoideas aneurismáticas, malformaciones arteriovenosas y otros hematomas intraparenquimatosos. Se analizaron 1514 pacientes, 1079 (71% con ACV isquémico (grandes vasos 39%, cardioembólicos 27%, lacunares 9%, etiología indeterminada 14%, otras etiologías 11% y 435 (29% con ACV hemorrágico (intraparenquimatosos 27%, hemorragia subaracnoidea 30%, malformaciones arteriovenosas 25% y otros hematomas espontáneos 18%. Se registraron 38 muertes intrahospitalarias (17 ACV isquémicos y 21 ACV hemorrágicos, representando una mortalidad global del 2.5% (1.7% en ACV isquémicos y 4.8% en ACV hemorrágicos. No se registraron muertes asociadas al uso de fibrinolíticos endovenosos. La mortalidad intrahospitalaria en pacientes con ACV isquémico y hemorrágico en nuestro centro fue baja. El manejo en un centro dedicado a las enfermedades neurológicas y el enfoque multidisciplinario por personal médico y no médico entrenado en el cuidado de la enfermedad cerebrovascular podrían explicar, al menos en parte, estos resultados.

  18. Câncer em mulheres idosas das regiões Sul e Sudeste do Brasil: Evolução da mortalidade no período 1980 - 2005 Cancer in elderly women in the South and Southeast regions of Brazil: mortality trends in the 1980- 2005 period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Vianna Basílio

    2008-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Com o envelhecimento progressivo da população, as neoplasias se constituíram em importante causa de morbimortalidade no Brasil. As regiões Sul e Sudeste apresentam as maiores taxas de mortalidade por câncer e abrigam os maiores contingentes de população idosa. OBJETIVO: Analisar a tendência da mortalidade por localizações selecionadas de câncer na população feminina de 60 anos ou mais das regiões Sul e Sudeste do Brasil, no período 1980-2005. METODOLOGIA: Os dados anuais da população residente e de mortalidade por câncer em geral e por câncer de esôfago, estômago, cólon/reto, pâncreas, pulmão, mama e colo de útero foram obtidos no DATASUS. A análise da tendência das taxas de mortalidade foi efetuada para três faixas etárias, a partir de 60 anos, através de modelos de regressão. RESULTADOS: Verificou-se tendência significativa de crescimento da mortalidade por câncer de cólon/reto, pâncreas, pulmão e mama nas três faixas etárias nas duas regiões. O câncer de estômago apresentou tendência significativa de decréscimo em todas as faixas etárias nas regiões Sul e Sudeste, enquanto para câncer de esôfago observou-se tendência significativa de declínio somente no Sudeste. CONCLUSÕES: Os padrões de mortalidade por câncer de mulheres idosas do Sul e Sudeste do Brasil acompanham tendências mundiais, tendo ocorrido importantes variações no período de estudo. Mecanismos envolvidos no comportamento da mortalidade em idosos, em grande parte ainda desconhecidos, assim como diferenças regionais e entre as gerações na prevalência de fatores de risco e proteção para câncer, poderiam explicar parcialmente os padrões observados. São necessários estudos que aprofundem a análise da mortalidade por câncer nesse grupo populacional.INTRODUCTION: With the gradual aging of the Brazilian population, cancer has gained an increasingly important role as a cause of morbidity and mortality. The

  19. Tendências da morbi-mortalidade por aids e condições socioeconômicas no Município de São Paulo, 1994 a 2001 Trends in AIDS morbidity-mortality and socio-economic status in the city of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Farias

    2004-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As tendências na epidemia de Aids têm se caracterizado pelos diversos contextos socioculturais das populações. OBJETIVO: Descrever a evolução da morbi-mortalidade por aids em indivíduos de 15 a 49 anos no Município de São Paulo, segundo sexo e áreas homogêneas socioeconômicas, no período de 1994 a 2001. MATERIAL E MÉTODOS: Foram utilizados dados do Programa de DST/AIDS e do Programa de Aprimoramento das Informações de Mortalidade no Município de São Paulo. As áreas homogêneas foram constituídas a partir do Mapa da Exclusão Social da Cidade: áreas 1 e 2 (centrais e de inclusão; áreas 3, 4 e 5 (mais periféricas e de exclusão. Foram calculados os coeficientes por 100.000 e as razões entre 1995 e 2001, tomando como referência o ano de 1994. REULTADOS: Entre os homens, observou-se diminuição da incidência em todas as áreas desde 1998-1999, e entre as mulheres, no mesmo período, nas quatro primeiras áreas. A queda da incidência e da mortalidade masculina foi maior na área 2: razão 2001/94 = 0,43 e 0,21, e mais lenta nas áreas de exclusão. Entre as mulheres, a área 5 apresentou crescimento da incidência no final do período (54%, e as áreas 3, 4 e 5 apresentaram a menor velocidade de queda na mortalidade. DISCUSSÃO: Entre os homens, o padrão de mortalidade acompanha a morbidade: as áreas mais centrais são as mais atingidas e com maior queda da mortalidade, mas com tendência à "periferização". Entre as mulheres, confirma-se o crescimento mais tardio da epidemia em direção à periferia, e uma tendência de queda na mortalidade inversamente proporcional à exclusão social das áreas.BACKGROUND: The epidemiological trends of AIDS have been influenced by socio-cultural conditions. OBJECTIVE: To describe the development of AIDS morbidity and mortality among 15-49 year-old adults in the city of São Paulo, according to gender and homogeneous socio-economic areas, from 1994 to 2001. METHODS

  20. Estudo da morbidade e da mortalidade perinatal em maternidades: III - Anomalias congênitas em nascidos vivos A study of perinatal morbidity and mortality in maternity hospitals: III - Congenital anomalies in live briths

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Maria Pacheco de Souza

    1987-02-01

    Full Text Available Realizou-se estudo das anomalias congênitas encontradas em recém-nascidos vivos, em nove maternidades, durante o ano de 1981-1982. O material é parte de uma pesquisa desenvolvida em sete maternidade do Estado de São Paulo, uma do Rio de Janeiro e uma de Florianópolis, Santa Catarina (Brasil, no período de agosto de 1981 a julho de 1982, quando foram coletados dados sobre todos os nascimentos ocorridos nesses nove serviços. As anomalias congênitas foram definidas como as descritas no XIV.° capítulo da Classificação Internacional de Doenças - 1975, 9ª Revisão, tendo sido utilizada essa classificação para codificá-las. Na análise estatística foram utilizados o X² (com um grau de liberdade, o teste de inclinação para proporções ("Trend test" e a técnica de Berkson para a verificação da hipótese de aderência à distribuição de Poisson. Em 12.782 recém-nascidos vivos, 286 (2,24% apresentavam algum tipo de anomalia congênita, tendo havido 26 (0,20% crianças com duas anomalias, 9 (0,07% com três e duas (0,02 apresentando quatro tipos de malformações congênitas. As deformidades osteomusculares congênitas (código 754 da CID foram as mais freqüentes (19%;segue-se as outras anomalias congênitas do coração (746 com uma freqüência de 14,1%. Ao se analisar a prevalência dessas malformações pela idade da mãe nota-se que há um aumento da prevalência à medida que a idade avança, apenas para Sindrome de Down (758.Congenital anomalies in live births in nine maternities in the period 1981-1982 were studied. This was one aspect of a research project carried out in seven maternities in the State of S.Paulo, one in Rio de Janeiro and another in Florianópolis (Brazil, from which data on all births occurring between August 1981 and July 1982 were obtained. Congenital anomalies were classified according to the XIVth chapter of the CID-1975 - 9thRevision. Chi square for associations and for trend and Berkson

  1. INFLUÊNCIA DOS FATORES AMBIENTAIS SOBRE O TAMANHO DA LEITEGADA AO NASCER E TAXA DE MORTALIDADE À DESMAMA DE LEITÕES NO BREJO PARAIBANO INFLUENCE OF ENVIRONMENTAL FACTORS ON THE LITTER SIZE AT BIRTH AND OF MORTALITY RATE AT WEANING OF PIGS IN PARAÍBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luci Sayori Murata

    2007-04-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva avaliar a influência dos fatores ambientais sobre o tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade à desmama de leitões no Brejo Paraibano. Para isso, utilizaram-se dados provenientes de fichas zootécnicas do rebanho da Granja SUPASA no município de Guarabira, Estado da Paraíba, e procedeu-se à análise das fichas zootécnicas do plantel de suínos puros das raças Landrace e Large White e dos animais mestiços (Landrace x Large White, nascidos no período de 1995 a 1996. Foram estudadas as seguintes características: o número de leitões nascidos por leitegada (tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade dos leitões pré-desmame, em relação à raça da mãe, mês e ano de parição e sexo dos leitões. Após o estudo dos dados coletados, verificaram-se diferenças significativas entre raças para o tamanho da leitegada, a saber: a raça Landrace e os mestiços apresentaram um maior número de leitões nascidos por leitegada do que a Large White; o ano e o mês de parição exerceram efeito significativo sobre o tamanho da leitegada ao nascer, assim como a taxa de mortalidade à desmama. PALAVRAS-CHAVE: Eficiência produtiva, mortalidade, raças, reprodução, suínos This experiment was carried out to evaluate the influence of the environmental and genetic factors on the litter size and mortality rate at birth and weaning f pigs in Paraíba, Brazil. The Zootechnical data was collected from farm SUPASA, in the district of Guarabira, state of Paraíba, Brasil. They were analyzed the data of pure swine Landrace and Large White and crossed animals (Landrace x Large White, born in the period from 1995 to 1996. The following characteristics were evaluated number of born pigs per litter (piglets born alive and the rate of mortality of the pigs at weaning, in relation to the mother’s race, month and year of parturition, and sex of the pigs. After the studies of the collected data significant

  2. Mortalidade por leucemias relacionada à industrialização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leal Carmen Helena Seoane

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da mortalidade por leucemia na população, buscando identificar agregados e estabelecer sua relação com os níveis de industrialização. MÉTODOS: O estudo foi realizado nas 43 regiões de governo do Estado de São Paulo, no qüinqüênio 1991-1995. Foi construído um "índice de industrialização relativo à leucemia" (IIRL baseado no número de indústrias e empregos industriais por 100.000 habitantes, valor adicionado fiscal, variedade de ramos industriais e indústrias com potenciais exposições de risco para a leucemia. O IIRL foi distribuído em cinco categorias. Verificaram-se os coeficientes padronizados de mortalidade por leucemia em cada uma das regiões, também distribuídos em cinco categorias e comparados ao mapa IIRL. RESULTADOS: As regiões mais industrializadas em ordem decrescente foram Campinas, Piracicaba, Jundiaí, Sorocaba e São Paulo. Não foi encontrada associação entre mortalidade, por nenhum tipo de leucemia, e industrialização. A região de Jales foi a que apresentou o mais alto coeficiente padronizado de mortalidade por leucemia. CONCLUSÕES: A distribuição da mortalidade por leucemia ocorreu de forma homogênea no Estado de São Paulo, não apresentando correlação com o nível de industrialização. Entretanto, aspectos relacionados ao método epidemiológico adotado -- estudo ecológico -- e ao uso do parâmetro "mortalidade por leucemia", doença cujo prognóstico tem mudado muito nas últimas décadas, limitaram a interpretação dos resultados.

  3. Mortalidade por leucemias relacionada à industrialização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Helena Seoane Leal

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da mortalidade por leucemia na população, buscando identificar agregados e estabelecer sua relação com os níveis de industrialização. MÉTODOS: O estudo foi realizado nas 43 regiões de governo do Estado de São Paulo, no qüinqüênio 1991-1995. Foi construído um "índice de industrialização relativo à leucemia" (IIRL baseado no número de indústrias e empregos industriais por 100.000 habitantes, valor adicionado fiscal, variedade de ramos industriais e indústrias com potenciais exposições de risco para a leucemia. O IIRL foi distribuído em cinco categorias. Verificaram-se os coeficientes padronizados de mortalidade por leucemia em cada uma das regiões, também distribuídos em cinco categorias e comparados ao mapa IIRL. RESULTADOS: As regiões mais industrializadas em ordem decrescente foram Campinas, Piracicaba, Jundiaí, Sorocaba e São Paulo. Não foi encontrada associação entre mortalidade, por nenhum tipo de leucemia, e industrialização. A região de Jales foi a que apresentou o mais alto coeficiente padronizado de mortalidade por leucemia. CONCLUSÕES: A distribuição da mortalidade por leucemia ocorreu de forma homogênea no Estado de São Paulo, não apresentando correlação com o nível de industrialização. Entretanto, aspectos relacionados ao método epidemiológico adotado -- estudo ecológico -- e ao uso do parâmetro "mortalidade por leucemia", doença cujo prognóstico tem mudado muito nas últimas décadas, limitaram a interpretação dos resultados.

  4. Determinantes da Qualidade das Práticas de Governança Corporativa das Empresas Brasileiras de Capital Aberto que Possuem Investimentos PúblicosQuality Determinants of Corporate Governance Practices of Brazilian Companies of Traded that Have Public InvestmentDeterminantes de la Calidad de las Prácticas de Gestión Corporativa de las Empresas Brasileñas de Capital Abierto con Inversiones Públicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ALMEIDA, Moisés Araújo

    2010-12-01

    Full Text Available RESUMOA adoção das boas práticas de governança corporativa abre espaço para uma gestão mais transparente, diminuindo a assimetria de informações e o conflito de agência. O objetivo do artigo é investigar os determinantes da qualidade das práticas de governança corporativa das empresas brasileiras de capital aberto que possuem investimento público. A amostra da pesquisa é formada por 35 empresas públicas brasileiras de capital aberto para o ano de 2005 e por 34 empresas para o ano de 2006, com informações públicas disponibilizadas pela CVM. Utilizaram-se técnicas econométricas de regressão linear múltipla, com aplicação do método dos mínimos quadrados ordinários. Os resultados mostraram que a maior parte das empresas analisadas apresentam um nível de governança acima da média da amostra. Também foi evidenciado que maior concentração de ações de controle nas mãos de um único acionista influencia positivamente o indicador da qualidade das práticas de governança corporativa, e que alavancagem, tangibilidade, crescimento e idade impactam negativamente sobre as práticas de governança das empresas analisadas.ABSTRACTThe adoption of good practices of corporate governance allows transparent management, diminishing the asymmetry of information and the agency conflict. This article investigates the determinants of the corporate governance quality on Brazilian companies with public investment. The sample of the research was constituted by 35 firms for the year 2005 and 34 firms for the year 2006, with public information available on CVM database. It was used econometric techniques of multiple linear regression with application of the ordinary least squares. The results show that the major part of the analyzed companies presents levels of governance above the average. Also, it is evidenced that the greater ownership concentration in the hands of a single shareholder influences positively the corporate governance index

  5. Statistical aspects of determinantal point processes

    DEFF Research Database (Denmark)

    Lavancier, Frédéric; Møller, Jesper; Rubak, Ege

    The statistical aspects of determinantal point processes (DPPs) seem largely unexplored. We review the appealing properties of DDPs, demonstrate that they are useful models for repulsiveness, detail a simulation procedure, and provide freely available software for simulation and statistical infer...

  6. Determinantes da Alfabetização Financeira: Análise da Influência de Variáveis Socioeconômicas e Demográficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ani Caroline Grigion Potrich

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO A alfabetização financeira auxilia os indivíduos em tomadas de decisões mais assertivas e eficientes no contexto monetário de suas vidas. Este estudo tem como eixo central desenvolver um modelo que explique o nível de alfabetização financeira dos indivíduos a partir de variáveis socioeconômicas e demográficas. A amostra consiste de 1.400 indivíduos residentes no Rio Grande do Sul e a análise dos dados foi realizada por meio de estatísticas descritivas e técnicas de análise multivariada. Como indicador do nível de alfabetização financeira, adotou-se uma medida que contempla três construtos: atitude financeira, comportamento financeiro e conhecimento financeiro. Foram estimados modeloslogit e probit com as seguintes variáveis explicativas: gênero, estado civil, dependentes, ocupação, idade, escolaridade, escolaridade do pai, escolaridade da mãe, renda própria e renda familiar. Os efeitos marginais (propensões incrementais foram positivos e estatisticamente significantes aos níveis usuais para as variáveis: gênero (9,56%, escolaridade (2,54%, renda própria (6,32% e renda familiar (3,73%. Os efeitos marginais (propensões incrementais foram negativos e estatisticamente significante para a dummy dependentes (-7,51%, indicando que os indivíduos do gênero masculino que não possuem dependentes e têm maiores níveis de escolaridade e de rendas própria e familiar são os que apresentam maior propensão a pertencer ao grupo com alto nível de alfabetização financeira. Além disso, constatou-se que a maioria dos pesquisados (67,1% foi classificada como tendo um baixo nível de alfabetização financeira. Tais conclusões ratificam a urgência e a necessidade de desenvolver ações efetivas para minimizar o problema do analfabetismo financeiro. De modo especial, sugere-se que os maiores esforços sejam empreendidos para atingir os indivíduos do gênero feminino, com dependentes e baixos níveis de escolaridade e

  7. Mortalidad evitable y políticas en salud. Colombia, 1985-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubén Darío Gómez-Arias

    2009-12-01

    Full Text Available Introducción: La confianza en la capacidad de evitar algunas muertes o diferir su aparición es el fundamento de toda política de salud, uno de cuyos principales resultados debe ser reducir las muertes evitables, y controlar las condiciones que aumentan el riesgo de morir.Objetivos: Establecer variaciones en la tendencia de la mortalidad evitable (ME registrada en Colombia entre 1985 y 2002, como indicadoras del impacto efectivo que las reformas en la política sanitaria pudieran haber tenido sobre sus determinantes.Métodos: Estudio de la ME con base en los registros oficiales de defunción y en las proyecciones censales de Colombia entre 1985-2002. Para determinar la evitabilidad, se aplicó un inventario de causas de ME (ICME ajustado a las condiciones epidemiológicas del país durante el período que se analiza.Resultados: De las muertes registradas, 75.3% se clasificaron como evitables. Se identificaron siete patrones de tendencia que reflejan, de manera particular, los efectos de las políticas públicas sobre los determinantes de la mortalidad.Conclusiones: En general, la ME viene disminuyendo en Colombia desde 1985 en la población general y entre los hombres, sin variaciones significativas durante el período. Las variaciones en la tendencia de las tasas ajustadas de varios grupos de causas hacen pensar en un deterioro en el control de sus determinantes, especialmente desde 1990. Los cambios aplicados en las políticas públicas durante los últimos años no se reflejaron en un mejor control de las muertes evitables, aunque el gasto en salud aumentó de modo muy notable en el país.

  8. Mortalidad evitable y políticas en salud. Colombia, 1985-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubén Darío Gómez-Arias

    2010-08-01

    Full Text Available Introducción: La confianza en la capacidad de evitar algunas muertes o diferir su aparición es el fundamento de toda política de salud, uno de cuyos principales resultados debe ser reducir las muertes evitables, y controlar las condiciones que aumentan el riesgo de morir. Objetivos: Establecer variaciones en la tendencia de la mortalidad evitable (ME registrada en Colombia entre 1985 y 2002, como indicadoras del impacto efectivo que las reformas en la política sanitaria pudieran haber tenido sobre sus determinantes. Métodos: Estudio de la ME con base en los registros oficiales de defunción y en las proyecciones censales de Colombia entre 1985-2002. Para determinar la evitabilidad, se aplicó un inventario de causas de ME (ICME ajustado a las condiciones epidemiológicas del país durante el período que se analiza. Resultados: De las muertes registradas, 75.3% se clasificaron como evitables. Se identificaron siete patrones de tendencia que reflejan, de manera particular, los efectos de las políticas públicas sobre los determinantes de la mortalidad. Conclusiones: En general, la ME viene disminuyendo en Colombia desde 1985 en la población general y entre los hombres, sin variaciones significativas durante el período. Las variaciones en la tendencia de las tasas ajustadas de varios grupos de causas hacen pensar en un deterioro en el control de sus determinantes, especialmente desde 1990. Los cambios aplicados en las políticas públicas durante los últimos años no se reflejaron en un mejor control de las muertes evitables, aunque el gasto en salud aumentó de modo muy notable en el país.

  9. Maternal mortality due to hemorrhage in Brazil Mortalidad materna en Brasil debida a hemorragia Mortalidade materna por hemorragia no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes de Souza

    2013-06-01

    causa de la muerte. OBJETIVO: analisar a razão de mortalidade materna devido a hemorragia identificada no Brasil, durante o período de 1997 a 2009. MÉTODO: análise de dados populacionais com série temporal. Os dados foram obtidos nos Sistemas de Informações de Mortalidade e Nascidos Vivos do Ministério da Saúde do Brasil. Foi selecionado, para análise, o total de óbitos de mulheres com idade compreendida entre 10 e 49 anos, que ocorreram no período de 1997 a 2009, e que foram registrados como "morte materna". RESULTADOS: durante o período de pesquisa, 22.281 mortes maternas foram identificadas no Sistema de Mortalidade e, dessas, 3.179 foram devido a hemorragia, respondendo por 14,26%. A razão de mortalidade materna esteve mais elevada nas Regiões Norte e Nordeste do Brasil. CONCLUSÕES: o cenário brasileiro mostra desigualdades regionais em relação à mortalidade materna. A hemorragia é apresentada como um sintoma, e não como uma causa de morte.

  10. Escalas Preditivas de Mortalidade em Cuidados Intensivos Pediátricos

    OpenAIRE

    Oom, Paulo

    2014-01-01

    As escalas preditjvas de mortalidade têm sido utilizadas com uma frequência crescente na avaliação da qualidade da assistência prestada a crianças internadas em unidades de cuidados intensivos, na estratificação de doentes em projectos de investigação clínica e no apoio a algumas decisões clínicas individuais. Existem actualmente dois modelos predidvos de mortalidade para utilização era cuidados intensivos pediátricos a Pediatric Risk of Mortality (PRISM) e a Pediatria Index of Mortality (PTM...

  11. Tendência da mortalidade por homicídios no Estado do Paraná, segundo Regionais de Saúde, 1979 a 2005 Homicide mortality trend in the state of Paraná, Brazil, per Health District, 1979 to 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth Mitiko Konno de Lozada

    2009-06-01

    Full Text Available A tendência da mortalidade por homicídios de homens de 15 a 49 anos residentes no Paraná foi analisada no período de 1979 a 2005. Foram calculados coeficientes de mortalidade por homicídio (por 10(5 homens de 15 a 49 anos por Regionais de Saúde (RS de residência, agrupados em triênios e analisados por meio de média móvel e da variação percentual anual (VA% de acordo com os seguintes estratos: muito baixo: 86. De 1979-1981 a 1995-1997 o Paraná apresentava coeficientes de mortalidade por homicídios considerados muito baixo e baixo (43,1 e 49,3 respectivamente e no final do período, 1999-2001 e 2003-2005, os coeficientes passam a médio e alto (57,4 e 82,3 respectivamente. Houve aumento dos coeficientes para a maioria das RS, principalmente a partir de 2000, destacando Londrina (VA%: 24,9, Metropolitana-Curitiba (VA%: 12,3 e Foz do Iguaçu (VA%: 7,6, além de aumento para as RS do interior do Estado, como Campo Mourão (VA%: 26,9, Cianorte (VA%: 25,4, Umuarama (VA%: 17,7, Ivaiporã (VA%: 14,1, Pato Branco (VA%: 13,7 e Apucarana (VA%: 11,1. O fenômeno da interiorização da violência e a deterioração das relações sociais nas grandes cidades reforçam necessidade de ações para modificar a tendência ascendente da mortalidade por violências no Estado do Paraná.The homicide mortality trend from 1979 to 2005 was analyzed for males aged 15 to 49, living in the State of Paraná, Brazil. Mortality rates (per 10(5 males aged 15 to 49 were calculated per Health District (HD of residence. The mortality rates were then grouped in three-year periods and analyzed using the moving average, the relative annual variation (VA% and the following strata: very low: 86. For the periods between 1979-1981 to 1995-1997 the rates were considered very low and low (43.1 and 49.3 respectively and towards the end of the period analyzed, 1999-2001 and 2003-2005, rates increased to medium and high (57.4 and 82.3 respectively. The rates increased in most

  12. Health-related quality of life determinants in outpatients with heart failure Determinantes de la calidad de vida relacionada a la salud en pacientes atendidos en ambulatorios con insuficiencia cardíaca Determinantes da qualidade de vida relacionada à saúde em pacientes ambulatoriais com insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Martinelli Pelegrino

    2011-06-01

    Full Text Available This descriptive and exploratory study analyzed variables associated with health-related quality of life among 130 outpatients. Health-related quality of life was measured through the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire. Significant associations were found between patients’ health-related quality of life and their age (r=-0.177; p=0.044, vitality (r=-0.625; p=Trata-se de estudo descritivo e exploratório que analisou as variáveis associadas à qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS, de 130 pacientes com insuficiência cardíaca, em seguimento ambulatorial. A QVRS foi avaliada pelo Minnesota Living with Heart Failure e realizada análise de regressão linear. A média da QVRS foi de 34,9 (dp=24,8; intervalo de 0 a 99. Foram encontradas associações significantes entre a medida da QVRS e idade (r=-0,177; p=0,044, vitalidade (r=-0,625; p=<0,001 e saúde mental (r=-0,672; p=<0,001, domínios do SF-36. A regressão linear mostrou que a gravidade dos sintomas da insuficiência cardíaca, e dois domínios do SF-36, vitalidade e saúde mental, explicaram 54% da variação da medida da QVRS. Controlar os sintomas e manter bem-estar mental é essencial para a manutenção da QVRS e são essenciais para o cuidado eficaz da insuficiência cardíaca.

  13. Análise de fatores pré e per-operatórios determinantes do resultado cirúrgico da tetralogia de Fallot Analysis of the factors pre and post-operatory, as determinants of the surgical results of the tetralogy of Fallot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bayard Gontijo Filho

    1987-08-01

    Full Text Available São analisados os resultados pós-operatórios imediatos de 98 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico da tetralogía de Fallot (TF num total de 109 procedimentos (29 cirurgias paliativas e 80 correções definitivas. No grupo de cirurgias paliativas, ocorreram 2 óbitos no início de nossa experiência, não havendo mortalidade nos últimos 20 pacientes operados. A técnica de Blalock-Taussig clássica foi a mais utilizada (19 casos. No grupo de correção total, houve 9 óbitos (11,2%, sendo 7 deles no período de 1979 a 1983, ocorrendo apenas 2 óbitos nos últimos 42 casos operados. A presença de anastomose sistêmico-pulmonar prévia (8 casos não interferiu na mortalidade pós-operatória. A análise retrospectiva desta experiência mostrou que os fatores que influenciaram negativamente o resultado cirúrgico foram: o baixo peso, a baixa idade, o alargamento de via de saída e alguns tipos de malformações associadas. A nossa conduta atual, baseada em uma sistematização colocada em prática a partir de 1984, prevê correção cirúrgica em 2 estágios, com tratamento paliativo antes dos 2 anos de idade. A mortalidade combinada observada nos últimos 2 anos foi de 4,7%.We report the immediate postoperative results of 98 patients who underwent surgical treatment for tetralogy of Fallot. A paliative operation was employed in 29 children and total correction was performed in 80 patients (109 operations. There were 2 postoperative deaths in the group of paliative treatment which occurred in the beggining of our experience and no deaths were found in the last 20 operations. In the group of patients who underwent total correction there were 9 deaths (11,2%, but only 2 of these deaths occurred in the last 42 patients operated. The presence of a previous shunt (8 patients did not interfere with the postoperative result. The factors that determined a higher postoperative mortality were: age under 2 years, weight under 10 kg, presence of

  14. Estudio de determinantes sociales y estado de salud de la población

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda María Delgado Acosta

    2013-12-01

    Full Text Available Fundamento: el estudio de las determinantes sociales de la salud constituye una herramienta esencial para modificar el estado de salud de las poblaciones. Objetivo: describir la expresión de algunas determinantes de la salud y su relación con indicadores de salud en el Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Métodos: se realizó un estudio descriptivo sobre la contribución de algunas determinantes sociales al estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Para ello se tuvieron en cuenta indicadores demográficos, sociales, medioambientales, de estilos de vida y de la organización de los servicios de salud. Resultados: el Área I resultó ser desfavorecida en varias de las dimensiones estudiadas como: medio ambiente, y en la organización de los servicios de salud, con inestabilidad en el cumplimiento de consultas y terrenos e incremento de los casos vistos en los Servicios de Urgencia, se observó elevado porcentaje en la exposición a factores de riesgo cardiovascular con repercusión en la mortalidad dentro de las primeras causas de muerte sin dejar de destacar el incremento que hubo en la incidencia de enfermedades transmisibles como: tuberculosis, enfermedades diarreicas e infecciones de transmisión sexual. Conclusiones: existen evidencias que permiten encauzar acciones para modificar el estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos desde la expresión de sus determinantes, con énfasis en la organización de los servicios de salud.

  15. Estudio de determinantes sociales y estado de salud de la población

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda María Delgado Acosta

    2013-12-01

    Full Text Available Fundamento: el estudio de las determinantes sociales de la salud constituye una herramienta esencial para modificar el estado de salud de las poblaciones. Objetivo: describir la expresión de algunas determinantes de la salud y su relación con indicadores de salud en el Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Métodos: se realizó un estudio descriptivo sobre la contribución de algunas determinantes sociales al estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Para ello se tuvieron en cuenta indicadores demográficos, sociales, medioambientales, de estilos de vida y de la organización de los servicios de salud. Resultados: el Área I resultó ser desfavorecida en varias de las dimensiones estudiadas como: medio ambiente, y en la organización de los servicios de salud, con inestabilidad en el cumplimiento de consultas y terrenos e incremento de los casos vistos en los Servicios de Urgencia, se observó elevado porcentaje en la exposición a factores de riesgo cardiovascular con repercusión en la mortalidad dentro de las primeras causas de muerte sin dejar de destacar el incremento que hubo en la incidencia de enfermedades transmisibles como: tuberculosis, enfermedades diarreicas e infecciones de transmisión sexual. Conclusiones: existen evidencias que permiten encauzar acciones para modificar el estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos desde la expresión de sus determinantes, con énfasis en la organización de los servicios de salud.

  16. Spatial distribution of mortality by homicide and social inequalities according to race/skin color in an intra-urban Brazilian space Distribuição espacial da mortalidade por homicídio e desigualdades sociais segundo a raça/cor em um espaço intra-urbano no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Maria de Araújo

    2010-12-01

    Full Text Available INTRODUCTION: In Brazil, deaths by external causes rank first in the mortality statistics. Nevertheless, studies which investigate the relationship between mortality by external causes and race/skin color are scarce. OBJECTIVES: To evaluate the relative contribution of race/skin color to the spatial distribution of mortality by homicide in Salvador, state of Bahia, Brazil, in the period 1998 - 2003. MATERIAL AND METHODS: This is a spatial aggregate study including secondary data on 5,250 subjects, using a unit of analysis called the "weighting area" (WA. Annual average death rates by homicide were estimated. The Global and Local Moran Index were used to evaluate the presence of spatial autocorrelation and the Conditional Auto Regressive (CAR model was employed to evaluate the referred effect, using the R statistical package. RESULTS: Global and Local Moran's I tests were significant. CAR regression showed that the predicted mortality rate increases when there is a growth in the proportion of black males aged between 15 and 49 years. Geometrically weighted regression (GWR showed a very small variation of the local coefficients for all predictors. CONCLUSION: We demonstrated that the interrelation between race, violence and space is a phenomenon which results from a long process of social inequality. Understanding these interactions requires interdisciplinary efforts that contribute to advancement of knowledge that leads to more specific Public Health interventions.INTRODUÇÃO: No Brasil, as mortes por causas externas vêm ocupando as primeiras posições nas estatísticas de mortalidade. No entanto, são escassos os estudos que investigam a relação entre mortalidade por causas externas e raça/cor da pele. OBJETIVOS: Avaliar a contribuição relativa da raça/cor da pele na distribuição espacial da mortalidade por homicídio em Salvador, BA, Brasil no período de 1998 a 2003. MATERIAL E METODOS: Estudo de agregado espacial cuja unidade de an

  17. Determinantes do valor da proteína C-reativa em indivíduos de nível sócio-econômico muito baixo Determinantes del valor de la proteína C reactiva en individuos de nivel socioeconómico muy bajo Determinants of C-reactive protein in individuals with very low socioeconomic status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis C. L. Correia

    2010-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Inflamação sistêmica exacerbada tem sido descrita em indivíduos de baixo nível sócio-econômico, porém estudos sobre determinantes dos valores de proteína C-reativa foram realizados apenas em países desenvolvidos. OBJETIVO: Identificar preditores de PCR em indivíduos de baixo nível SE em um país em desenvolvimento e avaliar se a PCR está relacionada ao nível SE nesse cenário. MÉTODOS: Oitenta e oito indivíduos de nível SE muito baixo foram recrutados de uma comunidade pobre, semi-rural no Brasil; 32 indivíduos de nível SE alto foram utilizados como amostra de compara��ão. A PCR de alta sensibilidade foi medida por nefelometria. RESULTADOS: Entre os indivíduos de baixo nível SE, os preditores independentes de PCR foram índice de massa corporal > 25 kg/m² (PFUNDAMENTO: Se ha descrito inflamación sistémica exacerbada en individuos de bajo nivel socioeconómico, con todo, estudios sobre determinantes de los valores de proteína C reactiva sólo se han realizado en países desarrollo. OBJETIVO: Identificar predictores de PCR en individuos de bajo nivel SE en un país en desarrollo y evaluar si la PCR está relacionada al nivel SE en ese escenario. MÉTODOS: Se reclutaron ochenta y ocho individuos de nivel SE muy bajo de un comunidad pobre, semi-rural en Brasil, se utilizaron 32 individuos de nivel SE alto como muestra de comparación. La PCR de alta sensibilidad se midió por nefelometría. RESULTADOS: Entre los individuos de bajo nivel SE, los predictores independientes de PCR fueron índice de masa corporal > 25 kg/m² (PBACKGROUND: Low socioeconomic (SE status has been associated to inflammation and predictors of C-reactive protein (CRP have been investigated by studies performed in developed countries. This study aimed to identify predictors of CRP in individuals of very low SE level in a developing country and evaluate whether CRP is related to SE status in this scenario. OBJECTIVE: Eight

  18. Lactato como prognóstico de mortalidade e falência orgânica em pacientes com síndrome da resposta inflamatória sistêmica Lactato como pronóstico de mortalidad y falencia orgánica en pacientes con síndrome de la respuesta inflamatoria sistémica Lactate as a predictor of mortality and multiple organ failure in patients with the systemic inflammatory response syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingos Dias Cicarelli

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A síndrome da resposta inflamatória sistêmica (SRIS é comum em pacientes em estado crítico no pós-operatório. O objetivo deste estudo foi investigar a correlação entre dosagem de lactato, disfunção de múltiplos órgãos e mortalidade em pacientes com diagnóstico de SRIS. MÉTODO: Estudo prospectivo que avaliou 24 pacientes com diagnóstico de SRIS (Colégio Americano de Cirurgiões Torácicos/Sociedade Americana de Medicina Intensiva no pós-operatório em UTI cirúrgica. O lactato foi dosado nas primeiras 24 horas após o diagnóstico de SRIS e diariamente durante 7 dias. Os pacientes foram divididos em dois grupos: Grupo LE (lactato > 2 mmol.L-1 e Grupo LN (lactato JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: El síndrome de la respuesta inflamatoria sistémica (SRIS es común en pacientes en estado crítico en el postoperatorio. El objetivo de este estudio fue investigar la correlación entre dosificación de lactato, disfunción de múltiplos órganos y mortalidad en pacientes con diagnóstico de SRIS. MÉTODO: Estudio prospectivo que evaluó 24 pacientes con diagnóstico de SRIS (Colegio Americano de Cirujanos Torácicos/Sociedad Americana de Medicina Intensiva en el postoperatorio en UTI quirúrgica. El lactato fue dosificado en las primeras 24 horas después del diagnóstico de SIRS y diariamente durante 7 días. Los pacientes fueron divididos en 2 grupos: Grupo LE (lactato > 2 mmol.L-1 y Grupo LN (lactato BACKGROUND AND OBJECTIVES: The systemic inflammatory response syndrome (SIRS is common in the postoperative period of critically ill patients. The objective of this study was to investigate the correlation between lactate level, multiple organ dysfunction, and mortality in patients with SIRS. METHODS: This prospective study evaluated 24 patients with a postoperative diagnosis of SIRS (American College of Chest Physicians/Society of Critical Care Medicine in the surgical ICU. Lactate levels were determined in the

  19. O que os dados de mortalidade do Censo de 2010 podem nos dizer?

    OpenAIRE

    2012-01-01

    O Censo brasileiro de 2010 incluiu, em seu questionário, a pergunta sobre óbitos ocorridos no domicílio nos últimos 12 meses. Anteriormente, uma questão similar havia sido incluída na amostra do Censo de 1980, mas sendo pouco utilizada. O objetivo do artigo é fazer uma avaliação da qualidade da informação de mortalidade do Censo, em especial sobre a estrutura etária da mortalidade. Em relação à cobertura da enumeração dos óbitos, esta saltou de 40%, no Censo de 1980, para 80%, no de 2010. Os ...

  20. Mortalidade perinatal no municipio de Salvador, Bahia: evolucao de 2000 a 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elsa Jacinto

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a evolução da mortalidade perinatal quanto à dimensão do problema e sua extensão. MÉTODOS Estudo descritivo de tendência temporal com 10.994 óbitos perinatais, de mães residentes em Salvador, BA, com idade gestacional ≥ 22 semanas, idade do recém-nascido até seis dias e 500 g ou mais de peso ao nascer, registrados de 2000 a 2009. Utilizaram-se dados do Sistema de Informações de Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade do sitio eletrônico do Datasus/Ministério da Saúde. Calcularam-se taxas de mortalidade perinatal e fetal/1.000 nascimentos e neonatal precoce/1.000 nascidos vivos. Aplicaram-se: teste Qui-quadrado de Pearson para diferenças em proporções, teste de sequências ( runs , cálculo de médias móveis e coeficiente de determinação linear (R 2 para análise de tendência. Utilizou-se a classificação de Wigglesworth para causas de morte. RESULTADOS A taxa de mortalidade perinatal mostrou tendência decrescente, sendo reduzida em 42,0% no período (de 33,1 (2000 para 19,2 (2009, com maior contribuição da taxa neonatal precoce (-56,3%. A mortalidade fetal representou grande proporção (61,9% da taxa de mortalidade perinatal em 2009. A classificação dos óbitos apontou como causas mais frequentes de óbito perinatal: asfixia intraparto (8,8/1.000, imaturidade (7,1/1.000 e malformações congênitas (1,3/1.000. CONCLUSÕES Mesmo em declínio, a taxa de mortalidade perinatal continua elevada e o predomínio recente da mortalidade fetal indica mudança no perfil de causas e impacto nas ações de prevenção. A consulta pré-natal de qualidade com controle de riscos e melhoria da assistência ao parto pode reduzir a ocorrência de causas evitáveis.

  1. Análise espacial da mortalidade por causas externas no município de Maringá, Estado do Paraná, 1999 a 2001 = Spatial analysis of mortality from outside causes in the city of Maringá, 1999-2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Udelysses Janete Veltrini Fonzar

    2008-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar a distribuição espacial da mortalidade por causas externas (acidentes de trânsito, homicídios, suicídios, quedas, afogamentos e outras causas externas no Município de Maringá, no período de 1999 a 2001. A representação espacial da mortalidade por causas externas levou em consideração as zonas censitárias e as características socioeconômicas destas. Para isso, foram utilizados o programa ArcView 3.0 e as proposições da semiologia gráfica para elaboração dos mapas temáticos. Os resultadosdesta análise evidenciaram desigualdades na mortalidade por causas violentas nos três anos de estudo, não fazendo qualquer distinção entre a infraestrutura urbana e as características socioeconômicas das vítimas. Dessa forma, é necessário que a cidade seja revista como um espaço de gestão planejada na perspectiva de uma vida saudável para todos, com objetivos concretos de redução das iniquidades sociais. Portanto, é imprescindível que a promoção da saúde incorpore estratégias de alteração no perfil de riscos da morbimortalidade das causas externas, por intermédio da formulação das políticas públicas.The goal of this study is the analysis of the spatial distribution ofmortality from external causes (traffic accidents, homicides, suicides, falls, drownings and other external causes in the city of Maringá, between 1999 and 2001. The special representation of the mortality due to external causes considered the census zones and theirsocioeconomic characteristics. For this, the ArcView 3.0 software program was used, as well as the propositions of the semiology of graphics for the elaboration of thematic maps. The results of this analysis showed inequalities in the mortality due to violent causes during the three years of the study, without distinction among the urban infrastructure and the social economic characteristics of the victims. Therefore, it becomes necessary that the city

  2. Mortality after partial left ventriculectomy in relation to contraindications for heart transplantation Mortalidade da ventriculectomia parcial esquerda relacionada às contra-indicações para transplante cardíaco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Dario Frota Filho

    2003-10-01

    Full Text Available OBJECTIVE:To analyze the impact of the contraindications for heart transplantation in mortality and survival time after partial left ventriculectomy. METHOD: A prospective clinical study of a cohort of 43 patients submitted to partial left ventriculectomy, in whom there were contraindications for heart transplantation was performed. The following contraindications were analyzed: psychological, sociocultural, age of 65 years of age and older, elevated pulmonary arteriolar resistance and pulmonary arterial hypertension and the refusal or not for transplantation. These variables were tested for association with postoperative mortality and survival time after partial left ventriculectomy. Statistical analysis included the Chi-square test, Kaplan-Meier survival analysis, non-parametric log-rank test, Cox regression model, 95% confidence intervals and p values (significant if less than 0.05. RESULTS: Higher postoperative mortality rates for partial left ventriculectomy were found when the following contraindications of heart transplantation were present preoperatively: poor sociocultural conditions (p = 0.037, psychological disturbances (p = 0.037 and in patients who accepted heart transplantation even when counseled against this procedure (p = 0.017. Survival time was significantly shortened in the presence of psychological disturbances (p = 0.0466, in patients older than 65 years (p = 0.0397 and in those who did not accept heart transplantation (p = 0.0306. Elevated pulmonary arteriolar resistance and pulmonary arterial hypertension were not associated with higher mortality rates or shortened survival time. CONCLUSION: Some of the contraindications for heart transplantation adversely affected the mortality and survival time after partial left ventriculectomy, thus revealing the ineffectiveness of this alternative procedure in this subset of patients.OBJETIVO: Analisar o impacto das contra-indicações para transplante cardíaco na mortalidade e no

  3. Determinantal schemes and Buchsbaum-Rim sheaves

    CERN Document Server

    Kreuzer, M; Nagel, U; Peterson, C

    1997-01-01

    Let $\\phi$ be a generically surjective morphism between direct sums of line bundles on $\\proj{n}$ and assume that the degeneracy locus, $X$, of $\\phi$ has the expected codimension. We call $B_{\\phi} = \\ker \\phi$ a (first) Buchsbaum-Rim sheaf and we call $X$ a standard determinantal scheme. Viewing delete a generalized row from $\\phi$ and have the maximal minors of the resulting submatrix define a scheme of the expected codimension. In this paper we give several characterizations of good determinantal schemes. In particular, it is shown that being a good determinantal scheme of codimension $r+1$ is equivalent to being the zero-locus of a regular section of the dual of a first Buchsbaum-Rim sheaf of rank $r+1$. It is also equivalent to being standard determinantal and locally a complete intersection outside a subscheme $Y subscheme $X$ of codimension $r+1$ there is a good determinantal subscheme $S$ codimension $r$ such that $X$ sits in $S$ in a nice way. This leads to several generalizations of a theorem of Kr...

  4. Controle autonômico da freqüência cardíaca em Spilotes pullatus (Colubridae como determinante das respostas de medo Autonomic control of heart rate in Spilotes pullatus (Colubridae as determinant of fear responses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.G.P. Cruz

    2008-12-01

    Full Text Available Neste estudo, investigaram-se as modificações fisiológicas em Spilotes pullatus, como determinantes das respostas ao medo, obtidas pela exposição ao eletrocardiograma. Foram utilizadas quatro serpentes com média de peso de 0,5±0,06kg. Dois minutos após a fixação dos eletrodos, as serpentes apresentavam-se imóveis, com redução significativa na freqüência cardíaca e aumento nos intervalos PQ, QRS, RR e RT (PThis study investigated electrocardiographic changes in Spilotes pullatus using four snakes weighing 0.5±0.06kg. Two minutes after that electrocardiogram apparatus had been fixed in Spilotes pullatus, snakes were immobile and there was a significant reduction of the heart rate and an increase in PQ, QRS, RR, and RT intervals (P<0.05. Results suggest that the presence of fear symptoms may represent a risk to the health of snakes.

  5. Fatores determinantes dos níveis de hemoglobina em crianças aos 12 meses de vida na Zona da Mata Meridional de Pernambuco Determinant factors of haemoglobin levels in 12 months old infants in the South of the Zona da Mata of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia V. M. de S. Lima

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores determinantes dos níveis de hemoglobina de crianças aos 12 meses de vida, em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em uma sub-amostra de 245 lactentes, pertencentes a uma coorte de 652 crianças. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a agosto de 1999. RESULTADOS: a prevalência de anemia foi de 73,2%, sendo a média de hemoglobina de 9,8 g/dL (DP = 1,6 g/dL. A análise de variância apresentou uma associação estatisticamente significante entre níveis de hemoglobina e escolaridade materna, posse de televisão no domicílio, peso ao nascer, duração do aleitamento materno exclusivo, ocorrência de diarréia e estado nutricional segundo os índices peso/idade e comprimento/idade. A análise de regressão linear múltipla mostrou que as condições socioeconômicas, o peso ao nascer, a duração do aleitamento materno exclusivo e a ocorrência de diarréia tiveram um impacto significante na variação dos níveis de hemoglobina. CONCLUSÕES: os resultados confirmam ser a anemia um relevante problema de saúde pública, especialmente em lactentes, tendo múltiplos fatores que contribuem para o seu surgimento, sendo necessário, portanto, identificar os mais importantes para serem levados em consideração nos programas de saúde da criança.OBJECTIVES: to evaluate factors determining hemoglobin levels in 12 months old infants living in four small towns located in the South of Pernambuco. METHODS: a cross-sectional study conducted in a sub-sample of 245 infants belonging to a cohort of 652 children. Data collection was performed from January to August 1999. RESULTS: the prevalence of anemia was 73.2% and mean hemoglobin level 9.8 g/dL (SD = 1.6 g/dL. Variance analysis indicated a significant association between hemoglobin levels and maternal education, absence of a television set at home, birth weight, duration of exclusive breast

  6. Las inequidades geográficas en la mortalidad infantil en Costa Rica, período 2008-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Horacio Alejandro Chamizo García

    2014-01-01

    Full Text Available Se presenta un estudio exploratorio ecológico sobre la mortalidad infantil en Costa Rica, sus inequidades geográficas y determinantes sociales. Se calculó la tasa mortalidad infantil, el riesgo relativo de morir para menores de un año de vida por unidades territoriales (del año 2008 al 2012 y se representó cartográficamente. Se analizó el patrón espacial de la mortalidad infantil estableciendo correlaciones lineales con diversos indicadores socioeconómicos, como el índice de desarrollo humano, gini y un indicador sintético de calidad ambiental a nivel doméstico y comunal. Los territorios con mayor riesgo de morir se localizan hacia zonas fronterizas y costeras, así como las peores condiciones socioeconómicas y calidad ambiental. Se ha evidenciado que, en la medida que empeoran las condiciones socioeconómicas y ambientales en los cantones, se incrementa la mortalidad infantil.

  7. Las inequidades geográficas en la mortalidad infantil en Costa Rica, período 2008-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Horacio Alejandro Chamizo García

    2014-07-01

    Full Text Available Se presenta un estudio exploratorio ecológico sobre la mortalidad infantil en Costa Rica, sus inequidades geográficas y determinantes sociales. Se calculó la tasa mortalidad infantil, el riesgo relativo de morir para menores de un año de vida por unidades territoriales (del año 2008 al 2012 y se representó cartográficamente. Se analizó el patrón espacial de la mortalidad infantil estableciendo correlaciones lineales con diversos indicadores socioeconómicos, como el índice de desarrollo humano, gini y un indicador sintético de calidad ambiental a nivel doméstico y comunal. Los territorios con mayor riesgo de morir se localizan hacia zonas fronterizas y costeras, así como las peores condiciones socioeconómicas y calidad ambiental. Se ha evidenciado que, en la medida que empeoran las condiciones socioeconómicas y ambientales en los cantones, se incrementa la mortalidad infantil.

  8. La mortalidad infantil y la mortalidad materna en el siglo XXI

    OpenAIRE

    Alejandro AGUIRRE

    2009-01-01

    La mortalidad infantil y la mortalidad materna han sido reducidas de manera sustancial en los países desarrollados, por lo cual en esas naciones la mortalidad tiende a concentrarse en las edades avanzadas de las poblaciones. Sin embargo, en países como México no está ocurriendo un avance relevante en la disminución de la mortalidad infantil y materna, pues a pesar de los notables progresos conseguidos en ese sentido durante las décadas recientes, para seguir avanzando se requieren fuertes inv...

  9. Resecciones pulmonares: Morbilidad y mortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Romero Díaz

    2001-12-01

    Full Text Available Se reportan las complicaciones de 72 enfermos con resecciones pulmonares, durante el período de 1995 a 1999 en el Hospital Clinicoquirúrgico "Comandante Manuel Fajardo". El 61,1 % fue por resecciones regladas (lobectomías y neumonectomías y el resto atípicas. La mortalidad quirúrgica fue de 4,1 % y la morbilidad del 11,1 %. Las complicaciones más frecuentes fueron la neumonía y la sepsis de la herida, observada en el 2,7 %. La fístula bronquial se presentó en un enfermo (1,3 %.The complications of 72 patients with pulmonary resections performed at "Comandante Manuel Fajardo" Clinical and Surgical Hospital from 1995 to 1999 are reported. 61.1 % of the complications were due to segmental resections (lobectomies and neuronectomies and the rest were atypical. Surgical mortality was 4.1 % and morbidity 11.1 %. The most frequent complications were pneumonia and wound sepsis, which were observed in 2.7 %. A patient had bronchial fistula (1.3 %.

  10. Determinantes do Nível de Conformidade das Evidenciações Relativas ao CPC 27 em Empresas do Novo Mercado da Bm&Fbovespa = Determinants of the Conformity Level of Evidences Related to the Disclosure CPC 27 in Companies of the New BM&FBOVESPA Market

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Itzhak David Simão Kaveski

    2015-04-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo identificar os fatores que explicam o nível de divulgação relativo ao CPC 27 – Ativo Imobilizado, por empresas listadas no segmento do Novo Mercado de Governança Corporativa da BM&FBovespa, considerando como seus prováveis determinantes as variáveis tamanho, imobilizado total, endividamento e rentabilidade do imobilizado. O estudo caracteriza-se como descritivo, conduzido por meio de análise documental e abordagem quantitativa. A população é composta de 109 empresas em 2011, abrangendo uma amostra de 106 empresas. Para coleta dos dados foi elaborado um check list composto de 17 itens baseados no Pronunciamento Técnico CPC 27. A técnica de análise, buscando alcançar a proposta de pesquisa, deu-se por meio de regressão linear múltipla. Nos resultados encontrados, verificou-se uma relação positiva significativa entre o ativo imobilizado das empresa e o índice de evidenciação, verificado pelos itens correspondentes aos requisitos mencionados no CPC 27. No que tange às variáveis determinantes do processo de evidenciação, verificou-se que “Imobilizado” está positivamente associado à divulgação de informações sobre ativo imobilizado. Já a “Rentabilidade” está negativamente associada à divulgação. Não se verificou associação significante entre “Endividamento” e “Tamanho” com a divulgação de informações sobre imobilizado. É necessário considerar, ainda, o baixo fator explicativo das variáveis determinantes da evidenciação recomendada pelo CPC 27 e a necessidade de se estender a investigação dentro do tema, possibilitando comparações e extração de novas evidências conclusivas. This article aims at identifying the factors that explain the level of disclosure concerning the CPC 27 - Fixed Assets, for companies listed on the New Market segment of Corporate Governance of BM&FBovespa. The probable determinants are considered the size variations, the

  11. Fatores Determinantes da Competitividade Internacional da Indústria de Papel de Imprimir e Escrever sob a Ótica da Cadeia de ValorDeterminant factors in the international industry of printing and writing paper on a value chain perspectiveFactores Determinantes de la Competitividad Internacional de la Industria de Papel de Imprimir y Escribir bajo la Óptica de la Cadena de Valor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA, Christian Luiz da Silva

    2004-01-01

    Full Text Available RESUMOA indústria de papel e celulose convive com questões de adequação da oferta à demanda que influenciam na tomada de decisão em vários elos da cadeia produtiva. A necessidade de aumento da capacidade de produção gera uma demanda por altos investimentos. Entretanto, a pressão por baixos custos requer novos investimentos em tecnologia, normalmente associados ao processo e ao produto. Com isso desenvolvem-se grandes corporações, mas que são vulneráveis ao mercado e com baixa capacidade de influenciá-lo. Na busca de compreender a dinâmica desse mercado e quais os fatores que determinam a sua competitividade, deve-se analisar como se agrega valor nesse tipo de indústria. O objetivo deste estudo foi analisar os fatores que determinam a competitividade internacional do segmento de imprimir e escrever a partir da análise comparativa da cadeia de valor das principais empresas mundiais e brasileiras deste segmento. Conclui-se, preliminarmente, que uma diferenciação essencial na agregação de valor está localizada na distribuição do produto consolidado a partir de um processo de internacionalização que permita avançar no objetivo de inovar, introduzindo-se em novos mercados, ou por meio de cooperações na cadeia que possibilitem criar novas formas de organização. Mais do que processos ou produtos, as empresas brasileiras devem preocupar-se com a forma de se organizarem e venderem seus produtos, vinculando isto a um projeto de internacionalização que efetivamente garanta ao consumidor final, presente em outro país, a percepção de um valor agregado ao produto brasileiro.ABSTRACTThe pulp and paper industry faces problems trying to match supply with demand, and that affects the decision-making process to be made in the several steps of the production chain. The need of increasing production creates high investment demands. However, the pressure towards low costs requires new investments in technologies, generally

  12. Visualização dos padrões de variação da taxa de mortalidade infantil no Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre as abordagens Bayesiana Empírica e Totalmente Bayesiana Patterns of variation in the infant mortality rate in Rio Grande do Sul State, Brazil: comparison of empirical Bayesian and fully Bayesian approaches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Letícia Couto da Silva

    2011-07-01

    Full Text Available A mortalidade infantil é um sensível indicador de saúde. Conhecer o seu perfil geográfico auxilia na formulação de estratégias de saúde pública. O mapeamento de doenças tem por objetivo descrever a distribuição geográfica das taxas de mortalidade ou incidência de doenças por intermédio de mapas. Em razão da alta instabilidade das taxas brutas quando há pequenas áreas, utilizam-se os métodos de suavização bayesiana, que se valem de informações de toda a região ou da vizinhança para estimar as taxas. O artigo faz a comparação entre os métodos Bayesiano Empírico e Totalmente Bayesiano para as taxas de mortalidade infantil (dados acumulados de 2001 a 2004 no Rio Grande do Sul, Brasil. O trabalho aponta as vantagens do uso dos estimadores bayesianos na visualização espacial dos mapas. Os métodos Bayesianos Empíricos apresentaram resultados muito semelhantes aos dos métodos Totalmente Bayesianos e possuem a grande vantagem de ser de fácil utilização por profissionais da área de saúde, destacando igualmente os principais padrões espaciais da taxa de mortalidade no Rio Grande do Sul no período estudado.Infant mortality is considered a sensitive health indicator, and knowledge of its geographical profile is essential for formulating appropriate public health policies. Disease mapping aims to describe the geographical distribution of disease incidence and mortality rates. Due to the heavy instability of crude rates in small areas, methods involving Bayesian smoothing of rates are used, drawing on information for the whole area or neighborhood to estimate the event rate. The current study compares empirical Bayesian (EB and fully Bayesian (FB methods for infant mortality rates (accumulated data from 2001 to 2004 in Rio Grande do Sul State, Brazil. This study highlights the advantages of Bayesian estimators for viewing and interpreting maps. For the problem at hand, EB and FB methods showed quite similar results and

  13. Mortalidade por sífilis nas regiões brasileiras, 1980-1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Bruno Gil de Carvalho

    2002-01-01

    Full Text Available Introdução: A sífilis tem diminuído sua prevalência após o advento da antibioticoterapia. No Brasil, é objetivo do Ministério da Saúde a erradicação, daí recomendar-se seu rastreamento mediante testes não-treponêmicos e o tratamento mesmo na impossibilidade de confirmar o diagnóstico. O pré-natal é um momento importante, principalmente para o combate às formas congênitas. Objetivo: Estudar a evolução da mortalidade por sífilis congênita e não-congênita nas regiões brasileiras de 1980 a 1995. Metodologia: O número de óbitos foi conseguido a partir do Datasus. Foram calculados coeficientes de mortalidade por lues para cada macrorregião brasileira. Resultados: Houve uma tendência comum de queda dos coeficientes de mortalidade de 1980 a 1995, embora as regiões Nordeste e Norte tenham apresentado taxas ascendentes no primeiro qüinqüênio. A mortalidade pelas formas não-congênitas, estando em declínio, oscilou entre valores muito baixos. Sífilis congênita apresentou coeficientes mais elevados, entre 1,33 e 8,87/100.000. A região Nordeste apresentou elevação do coeficiente de 120% de 1980 a 1990, com queda discreta (11,5% até 1995. Discussão: Os esforços no sentido de diminuir a prevalência de sífilis no Brasil parecem ter resultado em avanços, já que os coeficientes de mortalidade tenderam ao decréscimo. Entretanto, as baixas taxas de mortalidade são um indicador não apenas da freqüência de sífilis, mas da sua letalidade, bem menor atualmente. Conclusões: Chama a atenção a persistência de níveis elevados, até ascendentes, de mortalidade por lues congênita, provavelmente pelas deficiências existentes na assistência perinatal, que ocorre de forma desigual no território nacional.

  14. Impacto das ações de imunização pelo Programa Saúde da Família na mortalidade infantil por doenças evitáveis em Olinda, Pernambuco, Brasil Impact of immunization measures by the Family Health Program on infant mortality from preventable diseases in Olinda, Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Rocha Guimarães

    2009-04-01

    Full Text Available Este artigo aborda o impacto do Programa Saúde da Família (PSF na saúde infantil no Município de Olinda, Pernambuco, Brasil, por meio da avaliação da vacinação e mortalidade infantil por causas evitáveis. Realizou-se um estudo de série temporal com os dados dos principais sistemas de informação em saúde, usando-se a análise dos indicadores ex-ante e ex-post da implantação do PSF, em 1995. A variável independente foi o ano de nascimento relacionado com grau de cobertura da população pelo PSF. Analisou-se três períodos: 1990/1994 (anterior, 1995/1996 (implantação: cobertura de 0% a 30%, 1997/2002 (intervenção: cobertura de 38,6% a 54%. A tendência dos indicadores foi analisada pela regressão linear simples, sendo testada a significância pelo teste t. No período de implantação houve aumento de todas as médias das coberturas vacinais (176% BCG, 223% pólio, 52% DPT, 61% sarampo e redução da mortalidade infantil por causas evitáveis (12,7 óbitos/ano, mesmo não havendo diminuição da pobreza absoluta no município ou aumento das coberturas das redes públicas de saúde nem de esgotamento. A melhoria nos indicadores demonstra a efetividade das ações do PSF no município.This article analyzes the impact of the Family Health Program (FHP on infant health in Olinda, Pernambuco State, Brazil, evaluating immunization and infant mortality from vaccine-preventable diseases. A time-series study was conducted with data from the principal health information systems, analyzing indicators before and after implementation of the FHP in 1995. The independent variable was year of birth, related to degree of population coverage by the FHP. Three periods were analyzed: 1990-1994 (prior, 1995-1996 (implementation phase: 0 to 30% coverage, and 1997-2002 (intervention: coverage of 38.6% to 54%. Trends in the indicators were analyzed by simple linear regression, testing significance with the t test. During the implementation period

  15. Tendência da mortalidade por doenças respiratórias em idosos antes e depois das campanhas de vacinação contra influenza no Estado de São Paulo - 1980 a 2004 Respiratory mortality trend in the elderly before and after influenza vaccination campaigns, State of São Paulo - 1980 to 2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Rita Donalisio

    2006-03-01

    Full Text Available Trata-se de estudo ecológico de série temporal onde foi analisada a tendência das taxas de mortalidade por doença respiratória padronizadas de 1980 a 2004, examinando-se o período antes e depois das campanhas de vacinação do idoso contra influenza. As taxas de mortalidade mostram queda nos dois anos posteriores às campanhas vacinais, 2000 e 2001, seguida de recuperação a níveis similares aos anteriores a 1999. Observou-se tendência de aumento após 2002 para ambos os sexos, embora a magnitude das taxas médias de mortalidade entre homens seja maior que nas mulheres. Esse aumento é mais evidente entre os maiores de 75 anos. As coberturas vacinais foram crescentes no período, porém não se disponha de dados sobre homogeneidade e coberturas específicas por faixa etária. Foram aventadas hipóteses para explicar a inversão da tendência, entre elas a circulação de outros vírus de tropismo respiratório (sincicial respiratório, parainfluenza, adenovírus após 2002, a precocidade da circulação do vírus influenza A em 2004 (semana 17, a influência de fatores ambientais (poluição e baixas temperaturas, não analisados neste trabalho. Reforça-se a vigilância etiológica das síndromes gripais na comunidade, além da incorporação sistemática pela vigilância epidemiológica de indicadores ambientais e de cobertura vacinal mais detalhados.This is a time-trend ecological study to analyze respiratory disease mortality rates from 1980 to 2004. The periods before and after influenza vaccination campaigns for the elderly were examined. In the two years after the campaigns (2000 and 2001, mortality rates decreased, followed by a recovery to levels similar to 1999. This trend is observed for both genders after 2002, although the magnitude of average mortality rates in men is higher than in women. This increase is more evident in individuals over 75 years. Vaccination coverage grew after 2002, even though there are no age

  16. Comparação da acurácia de preditores de mortalidade na pneumonia associada à ventilação mecânica Comparing the accuracy of predictors of mortality in ventilator-associated pneumonia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Seligman

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Níveis de procalcitonina, midregional pro-atrial natriuretic peptide (MR-proANP, pró-peptídeo natriurético atrial midregional,, C-terminal provasopressin (copeptina, proteína C reativa (CRP e escore do Sequential Organ Failure Assessment (SOFA são associados a gravidade e descritos como preditores de desfechos na pneumonia associada a ventilação mecânica (PAVM. Este estudo procurou comparar o valor preditivo de mortalidade desses biomarcadores na PAVM. MÉTODOS: Estudo observacional com 71 pacientes com PAVM. Níveis de procalcitonina, MR-proANP, copeptina e PCR, bem como escore de SOFA foram obtidos no dia do diagnóstico de PAVM, designado dia zero (D0, e no quarto dia de tratamento (D4 Os pacientes receberam tratamento antimicrobiano empírico, com modificações baseadas nos resultados de cultura. Os pacientes que morreram antes de D28 foram classificados como não sobreviventes. RESULTADOS: Dos 71 pacientes, 45 sobreviveram. Dos 45 sobreviventes, 35 (77,8% receberam tratamento antimicrobiano adequado, comparados com 18 (69,2% dos 26 não sobreviventes (p = 0,57. Os sobreviventes apresentaram valores significativamente mais baixos em todos os biomarcadores estudados, inclusive no escore de SOFA (exceto PCR em D0 e D4. Em D0 e D4, a área sob a curva ROC foi maior para procalcitonina. Em D0, MR-proANP teve a maior razão de verossimilhança positiva (2,71 e valor preditivo positivo (0,60, mas a procalcitonina apresentou o maior valor preditivo negativo (0,87. Em D4, a procalcitonina apresentou a maior razão de verossimilhança positiva (3,46, o maior valor preditivo positivo (0,66 e o maior valor preditivo negativo (0,93. CONCLUSIONS: Os biomarcadores procalcitonina, MR-proANP e copeptina podem predizer mortalidade na PAVM, assim como o escore de SOFA. A procalcitonina tem o maior poder preditivo de mortalidade na PAVM.OBJECTIVE: Levels of procalcitonin, midregional pro-atrial natriuretic peptide (MR-proANP, C

  17. Fatores determinantes para a retenção de clientes em escritórios de contabilidade: um estudo multicaso realizado em uma cidade da Serra Gaúcha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Eckert

    2013-12-01

    Full Text Available Com o crescimento da economia, cresce também a rivalidade e a disputa por clientes. Às empresas cabe conquistar seus clientes e garantir sua permanência no mercado, criando vínculos com seus clientes e fazendo com que se sintam envolvidos. Diante disso, o presente estudo é direcionado a uma amostra de escritórios de contabilidade situados em uma cidade da serra gaúcha, objetivando demonstrar como está sendo realizada a retenção de clientes nestas empresas. Para atingir o objetivo, realizou-se um estudo de caso múltiplo, descritivo, por meio de entrevistas baseadas em um questionário composto por roteiro de questões. Os dados obtidos a partir das entrevistas foram analisados de forma qualitativa. O estudo apresenta evidências relevantes a fim de que os gestores dos escritórios sejam capazes de identificar a importância da retenção de clientes para o sucesso da empresa, sendo a referida retenção positivamente influenciada pela confiança depositada no prestador de serviços.

  18. Saúde Ambiental e Atenção Primária à Saúde nos microterritórios: a taxa de mortalidade infantil para subsidiar a atuação da equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herling Gregorio Aguilar Alonzo

    2013-06-01

    Full Text Available Nos últimos 20 anos, o Sistema Único de Saúde no Brasil vem avançando no aprimoramento da atenção primaria e da vigilância em saúde ambiental. No País, também, melhorou a cobertura do saneamento básico. Mas existem iniquidades macrorregionais e são escassas as informações sobre os microterritórios, onde as ações básicas de saúde se concretizam. Descrever a influência das coberturas do sistema de abastecimento de água (SAA, esgotamento sanitário (ES e coleta de resíduos sólidos domiciliares (CRSD na taxa mortalidade infantil (TMI nas áreas de abrangência das unidades básicas de saúde (UBS do Distrito de Saúde Noroeste de Campinas-SP. Foi conduzido estudo ecológico com dados secundários referentes a 2000. As coberturas nas oito UBS: do SAA variou entre 96,3 %, de Valença, e 99,9 % de Integração; de ES entre 67 %, de Ipaussurama e 99,8 % de Integração; da CRSD entre 95,8 % de Florence e 99,9 % de Perseu e Integração. A TMI variou entre 5,5 ‰, na UBS Perseu e 22,9 ‰ Floresta. Observou-se que existe relação inversa, quanto maior a cobertura do SAA (R2=0,73, de ES (R2=0,78 e da CRSD (R2= 0,95 menor a TMI nas UBS. Além de outros fatores, o saneamento básico determina o processo saúde doença da população e conforme os achados, existem iniquidades também nos microterritórios de abrangência das UBS que devem ser consideradas pelos gestores e profissionais de saúde, principalmente, da atenção primária na pactuação das prioridades, ações e metas para atenção integral e vigilância em saúde e atuação intersetorial.

  19. El gradiente socioeconómico de la mortalidad por tuberculosis en México (2004-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alejandro Meza-Palmeros

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analizar la relación entre mortalidad por tuberculosis (TB y diversos indicadores de rezago social (pobreza alimentaria, ocupación, porcentaje de población hablante de una lengua indígena en México, durante el período 2004-2008. Metodología utilizada: Se conformó una base de datos con las defunciones registradas en el país por TB de 2004 a 2008 que incluyó: municipio, localidad de residencia y ocupación –tanto por sector económico (primario, secundario, terciario, como condición de empleado/desempleado- de los fallecidos; información relacionada con el grado de rezago social por localidad (porcentaje de población hablante de lengua indígena y por municipio (porcentaje de población en situación de pobreza alimentaria. Posteriormente se estimaron las tasas de mortalidad por TB según las variables mencionadas anteriormente. El análisis estadístico se realizó utilizando pruebas de chi cuadrada y regresión lineal. Resultados: Se encontró que la mortalidad por TB obedece a un gradiente socioeconómico que se expresa en una relación estadísticamente significativa entre la mortalidad por TB y los indicadores analizados (grado de rezago social, porcentaje de población indígena por localidad, sector económico de ocupación y, condición de empleado/desempleado. Conclusiones: La mortalidad por TB en México parece concentrarse en la población socialmente vulnerable, por lo que es necesario que en la estrategia de prevención y control de la TB se consideren en mayor medida, los determinantes sociales de la enfermedad.

  20. El gradiente socioeconómico de la mortalidad por tuberculosis en México (2004-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alejandro Meza-Palmeros

    2013-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analizar la relación entre mortalidad por tuberculosis (TB y diversos indicadores de rezago social (pobreza alimentaria, ocupación, porcentaje de población hablante de una lengua indígena en México, durante el período 2004-2008. Metodología: Se conformó una base de datos con las defunciones registradas en el país por TB de 2004 a 2008 que incluyó: municipio, localidad de residencia y ocupación –tanto por sector económico (primario, secundario, terciario, como condición de empleado/desempleado- de los fallecidos; información relacionada con el grado de rezago social por localidad (porcentaje de población hablante de lengua indígena y por municipio (porcentaje de población en situación de pobreza alimentaria. Posteriormente se estimaron las tasas de mortalidad por TB según las variables mencionadas anteriormente. El análisis estadístico se realizó utilizando pruebas de chi cuadrada y regresión lineal. Resultados: Se encontró que la mortalidad por TB obedece a un gradiente socioeconómico que se expresa en una relación estadísticamente significativa entre la mortalidad por TB y los indicadores analizados (grado de rezago social, porcentaje de población indígena por localidad, sector económico de ocupación y, condición de empleado/desempleado. Conclusiones: La mortalidad por TB en México parece concentrarse en la población socialmente vulnerable, por lo que es necesario que en la estrategia de prevención y control de la TB se consideren en mayor medida, los determinantes sociales de la enfermedad.

  1. Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no Paraná, Brasil: o que devemos fazer para enfrentar a escassez de órgãos? Analysis of liver waiting list mortality in Paraná, Brazi: what shall we do to face organ shortage?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Silveira

    2012-06-01

    Full Text Available RACIONAL: O transplante hepático é a melhor modalidade terapêutica para pacientes em estágio final de doença hepática. Minimização de morte, enquanto se espera o procedimento, envolve priorização de acordo com o estado clínico e a alocação adequada de fígados de doadores. OBJETIVO: Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no estado do Paraná, PR, Brasil. MÉTODOS: Foram analisados ​​os dados sobre todos os pacientes (n = 65 que foram registrados na lista de espera de fígado durante um período de 32 meses. RESULTADOS: A morte em lista de espera foi de 41,5% (n = 27. Nenhuma diferença estatística foi observada em relação aos MELD / MELD-Na entre o grupo que faleceu (19,88 / 21,6 e não morreu (17,28 / 19,47. MELD-Na previu maior mortalidade, especialmente no subgrupo de pacientes com gravidade intermediária da doença (classe B previsto pelo escore de CTP. CONCLUSÃO: É crítica a escassez de doadores de órgãos nessa região e a taxa de mortalidade em lista de espera excede em muito o risco inerente de um transplante de fígado, especialmente entre pacientes com MELD mais baixos. É desejável a utilização de um protocolo agressivo de doadores com critérios expandidos, split liver e transplante de doador vivo.BACKGROUND: Orthotopic liver transplantation is the best therapeutic modality for patients with end stage of liver disease. Minimization of death, while waiting for the procedure, involves accurate priorization according to clinical status and appropriate allocation of donor livers. AIM: The mortality analysis in the liver waiting list in Paraná state, PR, Brazil. METHODS: Were analyzed the data on all patients (n=65 who were registered on the liver waiting list during a 32 months period in the state of Paraná, southern Brazil. RESULTS: The death rated in waiting list was 41,5% (n=27. No statistic difference was observed regarding the MELD/MELD-Na scores between the group who died (19,88/21,6 and

  2. Mortalidade por transtornos mentais e comportamentais e a reforma psiquiátrica no Brasil contemporâneo - II: elementos para um debate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Portela Câmara

    2008-09-01

    Full Text Available O aumento da mortalidade na categoria dos transtornos mentais e comportamentais - face à redução progressiva das internações hospitalares promovida pela reforma psiquiátrica em curso - tem aquecido o debate entre os proponentes da reforma e parte da comunidade psiquiátrica brasileira. Neste artigo, analisa-se os argumentos dos reformistas.

  3. A Percepção Sobre a Aceitação e o Ajuste da Tecnologia como Determinantes do Uso do Comércio Eletrônico Como Canal de Compra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Bobsin

    2010-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é verificar se os fatores intenção de uso, facilidade de uso percebida e o ajuste entre a tecnologia e a tarefa de comprar impactam no uso efetivo da Internet como canal de compra. Através de uma pesquisa survey aplicada a 227 pessoas que já compraram pela Internet, chegou-se à conclusão de que a adequação entre a tecnologia e a tarefa explica a utilidade percebida pelos indivíduos. A intenção de usar o canal comércio eletrônico é fortemente explicada pela utilidade percebida e pelo ajuste da tecnologia e a tarefa a ser executada. Os resultados reforçam a ideia de que se aumentadas as informações que o site fornece ao usuário, melhor ele entenderá sua utilidade, e mais fácil perceberá a realização da compra.

  4. Adesão dos profissionais de saúde a práticas pré- e neonatais de redução da mortalidade neonatal: 2004 versus 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Jaccottet Freitas

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a adesão dos profissionais de saúde a práticas de assistência pré-natal e neonatal para reduzir a mortalidade neonatal. Métodos: Estudo não controlado, do tipo antes-e-depois, que avaliou a mudança ocorrida entre os anos 2004 e 2012, após as intervenções propostas pelo Comitê Municipal de Investigação de Óbitos Infantis, Fetais e de Morte Materna (COMAI na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, na frequência de indicadores de processo de melhoria na assistência perinatal. Foram estudados 254 pacientes no ano de 2004 e 259 no ano de 2012. Resultados: Foi observado aumento de 65% na frequência do uso de corticoide pré-natal entre gestantes em trabalho de parto prematuro com idade gestacional ≤ 34 semanas (frequência de uso de 38,0 e 62,8% em 2004 e 2012, respectivamente; p < 0,001 e de 35% no uso de surfactante entre recém-nascidos ≤ 34 semanas de idade gestacional (41,3 e 55,6% em 2004 e 2012, respectivamente; p = 0,025, assim como uma redução de 16% na presença de hipotermia (70,8 e 59,4% em 2004 e 2012, respectivamente; p = 0,009 na admissão à unidade de terapia intensiva neonatal. Conclusão: Houve melhora em algumas das práticas de assistência pré-natal e neonatal. Ao final do período estudado, as frequências de uso de corticoide pré-natal e de surfactante foram menores do que as relatadas internacionalmente. No mesmo sentido, a frequência de hipotermia na admissão à unidade de terapia intensiva neonatal foi maior do que a observada em países desenvolvidos.

  5. Mortality among Guarani Indians in Southeastern and Southern Brazil Mortalidade indígena Guarani no Sul e Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrey Moreira Cardoso

    2011-01-01

    ,6% foram elevadas. As principais causas de morte foram as respiratórias (40,6% e as infecciosas e parasitárias (18,8%, sugerindo precárias condições de vida e de organização dos serviços de saúde. Há necessidade de maiores investimentos na atenção primária e em intervenções sobre os determinantes sociais da saúde, a fim de reduzir as iniquidades reveladas.

  6. Determinantes clínicos com influência no prognóstico da discectomia lombar: análise multifatorial Determinantes clínicos que influyen en el pronóstico de la disectomía lumbar: análisis multifactorial Clinical determinants' influence on lumbar discectomy prognosis: multi-factor analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Jorge Da Rocha Carvalho

    2010-03-01

    Full Text Available A seleção e o agendamento temporal inadequados dos pacientes permanecem as causas mais importantes de insucesso da cirurgia discal lombar. OBJETIVO: Este trabalho pretende avaliar os resultados clínicos e os factores preditivos que influenciam o prognóstico dos pacientes submetidos à discectomia lombar através de um modelo analítico multifatorial. MÉTODOS: Apresentamos uma série prospectiva de 68 pacientes com hérnias discais lombares que foram submetidos à discectomia entre 2003 e 2007. O seguimento médio foi de 3,9±0,1 anos. Os resultados clínicos foram avaliados utilizando o escore JOA (Japonese Orthopaedic Association Assessment Scoring System (JOA=29. RESULTADOS: Resultados pós-operatórios bom e excelente foram obtidos em 75% dos casos. Pacientes do sexo masculino e a preponderância de sintomas subjectivos sobre sintomas clínicos estiveram associados com os melhores resultados clínicos e com o retorno mais precoce à actividade laboral. O tempo de espera pela cirurgia não teve influência no resultado final. A necessidade de cirurgia foi questionada na ausência de défices neurológicos significativos (JOA para resultados clínicos >3/6. Um valor JOA pré-operatório >15 (debilidade inicial baixa está correlacionado com piores resultados clínicos pós-operatórios. CONCLUSÕES: O escore JOA é de fácil aplicação para clínicos e pacientes, uniformiza dados subjectivos e apresenta valor preditivo para os resultados dos pacientes submetidos à discectomia lombar.La selección y la agenda temporal inadecuada de los enfermos permanecen como las causas más importantes de la falta de éxito en la cirugía discal lumbar. OBJETIVO: este trabajo pretende evaluar los resultados clínicos y los factores predictivos que influyen en el pronóstico de los pacientes sometidos a la discectomía lumbar por medio de un modelo analítico multifatorial. MÉTODOS: se presenta una serie prospectiva de 68 pacientes con hernias discales

  7. Determinantes de la inclusion financiera en Peru

    OpenAIRE

    Noelia Camara; Ximena Pena; David Tuesta

    2013-01-01

    Este estudio ofrece una primera aproximacion cuantitativa a los determinantes de la inclusion financiera en Peru a partir de microdatos de encuestas. A traves de correlaciones significativas, se identifican aquellas caracteristicas socioeconomicas que podrian afectar a la inclusion (exclusion) financiera para hogares y empresas. Para aquellos individuos no bancarizados, se analiza la sensibilidad a algunas barreras con el fin de determinar su importancia y los factores por los que podrian ver...

  8. Adoção de estratégias para redução de riscos: identificação dos determinantes da diversificação produtiva no Polo Petrolina-Juazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Fernando Santana Oliveira Filho

    2014-03-01

    Full Text Available O presente estudo caracteriza os produtores agrícolas do Polo Petrolina-Juazeiro segundo a adoção de estratégias de diversificação produtiva para mitigar diversos tipos de riscos. Para tanto, foram coletadas 173 observações e um modelo econométrico de logit ordenado foi aplicado para identificar os fatores que influenciam a probabilidade de o produtor diversificar sua produção. A estimação do modelo econométrico sugere que os principais fatores de influência da diversificação produtiva no polo são: porte do produtor (colono, experiência, participação da receita advinda de contratos, participação da receita advinda de atravessadores, culturas específicas (banana, coco, goiaba, manga e uva, participação em associação, acesso à assistência técnica, certificação, adoção de procedimentos pós-colheita e acesso à internet. A investigação acerca de referidas relações torna-se relevante para a formulação de políticas de incentivo à adoção de estratégias gerenciais de redução de riscos na região, atualmente preocupada com questões associadas à especialização das atividades e à vulnerabilidade dos produtores frente a choques de demanda.

  9. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas no Brasil, México e Chile no período 2001-2006 Determinants of the capital structure of publicly-traded companies in Brazil, Mexico and Chile in the period 2001-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas Dias Bastos

    2009-08-01

    Full Text Available O presente estudo investiga os determinantes da estrutura de capital, utilizando a técnica de painel de dados estático, para uma amostra de 297 empresas, de diversos setores, pertencentes ao Brasil, México e Chile, no período entre 2001 e 2006, a fim de determinar a importância relativa dos fatores específicos da empresa. A partir de seis indicadores de nível de endividamento (contábil total e de curto e longo prazo, total a valor de mercado e financeiros onerosos de curto e longo prazo, foi evidenciado que os fatores específicos da firma: liquidez corrente, rentabilidade, market to book value e tamanho apresentaram os resultados mais significantes para a estrutura de capital das empresas dos três países. Dentre as quatro correntes teóricas analisadas (Trade off, Assimetria de informações, Pecking order e Agência, a teoria do Pecking order parece ser aquela que melhor explica os resultados obtidos para o Brasil e México. Para o Chile, além do Pecking order, a teoria do Trade off exerce forte influência sobre a estrutura de capital.The present study investigates the determinants of the capital structure, using the technique of static panel data, for a sample of 297 companies from several sectors in Brazil, Mexico and Chile, between 2001 and 2006, in order to determine the relative importance of the specific factors of the firm. Starting from six indicators of leverage ratio (total book-debt ratio, short-term and long-term book-debt ratio, total market-debt ratio and short-term and long-term financial-debt ratio, it was evidenced that the specific factors of the firm: current liquidity, profitability, market to book value and size presented the most significant results for the capital structure of the companies from the three countries. Among the four theoretical currents analyzed (Trade off, Asymmetry of information, Pecking order and Agency, the theory of Pecking order seems to be the one that best explains the results obtained

  10. Cirurgia de revascularização coronariana esquerda sem CEC e sem manuseio da aorta em pacientes acima de 75 anos: análise das mortalidades imediata e a médio prazo e das complicações neurológicas no pós-operatório imediato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Glauco LOBO FILHO

    2002-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A circulação extracorpórea (CEC e o manuseio da aorta ascendente (MAA estão associados a alta incidência de acidente vascular cerebral (AVC na cirurgia de revascularização do miocárdio (RM em pacientes idosos. Esta complicação deve-se, sobretudo, ao MAA, por ocasião do pinçamento e despinçamento, quer para isolamento do coração do circuito de CEC, quer para realização das anastomoses dos enxertos na aorta ascendente. OBJETIVOS: Verificar mortalidades imediata e a médio prazo e a ocorrência de AVC no pós-operatório imediato (POI em pacientes acima de 75 anos submetidos a cirurgia de revascularização do sistema coronariano esquerdo (SCE, sem CEC e sem MAA. MÉTODO: De janeiro de 2000 a abril de 2002, 40 pacientes acima de 75 anos (média 79,1 anos foram submetidos a cirurgia de revascularização do SCE, com enxerto de artéria torácica interna esquerda (ATIE para a artéria descendente anterior (DA, e enxerto(s de veia safena magna oriundo(s da ATIE para outro(s ramo(s da coronária esquerda (enxerto composto, sem CEC e sem MAA. Houve predominância do sexo masculino (67,5%. Foram realizados 89 enxertos (média 2,22 pontes por paciente, sendo 40 (44,94% de ATIE e 49 (55,06% de veia safena. A ocorrência de AVC foi avaliada por exames clínico e neurológico. RESULTADOS: Não foi observada ocorrência de AVC no grupo estudado. Não houve óbitos no POI. CONCLUSÃO: A cirurgia de revascularização do SCE em pacientes acima de 75 anos sem CEC e sem MAA pode ser realizada sistematicamente de modo a evitar a ocorrência de AVC, com baixa mortalidade.INTRODUCTION: Cardiopulmonary bypass (CPB and Ascending Aorta manipulation (AAM are associated with a high incidence of stroke in coronary surgery in patients older than 75 years. This complication is due, mostly, to the handling of the aorta by the time of the cross-clamping, either for heart isolation from CPB, or to perform saphenous vein graft anastomosis to the

  11. Does caffeine consumption during pregnancy increase the risk of fetal mortality? A literature review O consumo de cafeína durante a gestação aumenta o risco de mortalidade fetal? Uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Matijasevich

    2005-12-01

    Full Text Available The aim of this study was to evaluate the available epidemiological evidence of the effect of caffeine consumption during pregnancy on fetal mortality. A systematic qualitative review of observational studies that referred to any source of exposure to caffeine from food in pregnancy and to fetal mortality as the outcome was conducted in the databases MEDLINE and LILACS. Studies published between January 1966 and September 2004 were searched. The following descriptors were used: "caffeine", "coffee", "tea", "cola", and "cacao" to define the exposure and "fetal death", "stillbirth", "fetal demise", and "fetal loss" to define the outcome. The search strategy retrieved 32 publications, but only six met the inclusion criteria and three were included. One more article was found using "see related articles" feature in PubMed. A total of four publications were included in the review. The small number of publications addressing this subject, methodological limitations, inaccurate exposure assessment in all the studies, overall risks only marginally significant in most cases, and the possibility of publication bias preclude stating with certainty that caffeine consumption is actually associated with fetal death.O objetivo desse estudo foi avaliar a evidência epidemiológica existente a respeito do efeito do consumo de cafeína durante a gravidez sobre a mortalidade fetal. Foi realizada uma revisão qualitativa sistemática dos estudos observacionais que utilizaram como exposição qualquer fonte alimentar de cafeína durante a gestação e como desfecho, mortalidade fetal. A revisão foi conduzida no MEDLINE e LILACS para estudos publicados entre janeiro de 1966 e setembro de 2004. Foram usados os seguintes descritores: "caffeine", "coffee", "tea", "cola" and "cacao" para definir a exposição e "fetal death", "stillbirth", "fetal demise" e "fetal loss" para definir o desfecho. Foram recuperadas 32 publicações, mas somente seis preencheram os crit

  12. O trabalho como fator determinante da defasagem escolar dos meninos no Brasil: mito ou realidade? Labor as a determinant factor of school result discrepancy in Brazil: myth or reality?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amélia Cristina Abreu Artes

    2010-06-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo avaliar a influência do trabalho nas trajetórias escolares a partir dos microdados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio - PNAD 2006. Desenvolve-se uma modelagem estatística, visando explicar a defasagem entre idade e anos de estudo a partir da variável sexo e considerando o fator trabalho como variável de controle. Os resultados indicam que o trabalho prejudica o percurso escolar mais intensamente para os meninos e os afazeres domésticos de forma mais sutil para as meninas, com resultados piores para os negros de ambos os sexos, mas somente essa variável não explica a maior defasagem escolar do sexo masculino.This article aims to evaluate the labor influence on school courses of boys and girls. Based on the micro data of PNAD 2006 (National Residence Sample Survey, a statistic model is developed to explain the discrepancy in age- years of study, taking into account the sex and considering labor as a control variable. The results indicate that working damages more intensively the boys' school process, and housework in a more subtle way influences the girls' school process. The worse results were observed for blacks of both sex.

  13. Análise de possíveis determinantes da penetração do serviço de acesso à internet em Banda Larga nos municípios brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hildebrando Rodrigues Macedo

    2013-08-01

    Full Text Available Analisou-se o panorama geral da penetração do serviço de acesso à internet em Banda Larga nos municípios brasileiros, bem como utilizou-se análise de regressão de dados em cross-section, para se avaliar como alguns fatores referentes ao desenvolvimento econômico e humano relacionam-se com a penetração do serviço. Utilizaram-se indicadores econômicos (como PIB per capta, PIB e sua distribuição entre os setores Agropecuário, Industrial e de Serviços de 2007 e o Índice Firjan de Desenvolvimento Humano de 2005 (para Educação, Emprego & Renda e Saúde. Os dados dos acessos de Banda Larga de 2007 procedem da Anatel. As conclusões mostram grande concentração no mercado de Banda Larga nos municípios, bem como apontam aqueles onde predominam o PIB oriundo de atividades industrial e de serviços, em detrimento à agricultura como mais favoráveis a maiores penetrações de Banda Larga. O estudo permite subsidiar propostas de políticas públicas de inclusão digital.

  14. O que os dados de mortalidade do Censo de 2010 podem nos dizer? ¿Qué pueden decirnos los datos sobre mortalidad en el Censo de 2010? What can the mortality data from the 2010 Census tell us?

    OpenAIRE

    2012-01-01

    O Censo brasileiro de 2010 incluiu, em seu questionário, a pergunta sobre óbitos ocorridos no domicílio nos últimos 12 meses. Anteriormente, uma questão similar havia sido incluída na amostra do Censo de 1980, mas sendo pouco utilizada. O objetivo do artigo é fazer uma avaliação da qualidade da informação de mortalidade do Censo, em especial sobre a estrutura etária da mortalidade. Em relação à cobertura da enumeração dos óbitos, esta saltou de 40%, no Censo de 1980, para 80%, no de 2010. Os ...

  15. Avaliação da mortalidade de neonatos e crianças relacionada ao uso do cateter venoso central: revisão sistemática Evaluación de la mortalidad de neonatos y niños relacionada al uso del cateter venoso central: revisión sistemática Evaluation of the mortality of neonates and children related to the use of central venous catheters: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janislei Giseli Dorociaki Stocco

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a mortalidade relacionada às infecções no uso de cateter venoso central em recém-nascidos e crianças hospitalizadas. MÉTODOS: Trata-se de uma revisão sistemática, cujos estudos foram identificados nas bases de dados Medline, Embase, Lilacs, Cinahl, SciELO e Cochrane, em referências bibliográficas de artigos e outras revisões. Dois revisores independentes identificaram os estudos relevantes, analisaram a qualidade metodológica e, posteriormente, os dados foram extraídos. RESULTADOS: Foram encontrados 1.000 artigos, dos quais 16 se relacionavam à infecção de cateter e só dois mencionaram mortalidade. Dos estudos achados, verificou-se que a sepse primária foi a principal complicação relacionada ao uso de cateter venoso central, e sendo os micro-organismos mais prevalentes nestas infecções a Candida sp e Enterococcus sp com impacto significante para a mortalidade em neonatos e crianças. CONCLUSÃO: Observou-se nesta revisão que a sepse primária foi a complicação mais prevalente relacionada ao cateter central.OBJETIVO: Evaluar la mortalidad relacionada a las infecciones en el uso del cateter venoso central en recién nacidos y niños hospitalizados. MÉTODOS: Se trata de una revisión sistemática, cuyos estudios fueron identificados en las bases de datos Medline, Embase, Lilacs, Cinahl, SciELO y Cochrane, en referencias bibliográficas de artículos y otras revisiones. Dos revisores independientes identificaron los estudios relevantes, analizaron la calidad metodológica y, posteriormente, los datos fueron extraidos. RESULTADOS: Se encontraron 1.000 artículos, de los cuales 16 se relacionaban a la infección del cateter y sólo dos mencionaron mortalidad. De los estudios encontrados, se verificó que la sepsis primaria fue la principal complicación relacionada al uso del cateter venoso central, y siendo los microorganismos más prevalentes en estas infecciones la Candida sp y Enterococcus sp con impacto

  16. Determinantes da experimentação do cigarro e do início precoce do tabagismo entre adolescentes escolares em Salvador (BA Determinants of smoking experimentation and initiation among adolescent students in the city of Salvador, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo de Souza Machado Neto

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores associados à experimentação do cigarro e ao início precoce do tabagismo por adolescentes escolares (11-14 anos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com adolescentes escolares (ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares de Salvador, Bahia. Foi utilizado um protocolo de amostragem em múltiplos estágios. Os participantes da pesquisa responderam a um questionário anônimo, de preenchimento voluntário e autoaplicável. As variáveis dependentes foram o uso experimental do cigarro e o início precoce do tabagismo. Variáveis sociodemográficas, educacionais, relacionadas à influência da mídia e ao consumo de álcool foram consideradas variáveis independentes. Foi realizada a análise de regressão logística multivariada, seguida da análise da adequação do modelo de regressão logística final. RESULTADOS: A prevalência de experimentação do cigarro foi de 16,1% (IC95%: 15,1-17,2. Dos 5.347 alunos avaliados, 757 experimentaram cigarros, e 462 (61,2% desses 757 o fizeram antes dos 15 anos de idade (média de idade de experimentação de cigarros, 13,9 ± 1,8 anos. O início precoce do tabagismo associou-se com o tabagismo paterno (OR = 1,53; IC83%: 1,07-2,19 e com a influência da mídia (OR = 2,43; IC83%: 1,46-4,04. A experimentação de cigarros associou-se com o consumo do álcool (OR = 6,04; IC83%: 4,62-7,88, o tabagismo de amigos (OR = 3,18; IC83%: 2,54-3,99 e de namorados (OR = 3,42; IC83%: 1,78-6,56, assim como a intervenção educacional agressiva/coercitiva dos pais (OR = 1,60; IC83%: 1,26-2,04. CONCLUSÕES: O consumo do álcool e a influência de pessoas da convivência do jovem apresentaram uma forte associação com a experimentação de cigarros. O tabagismo paterno e a influência da mídia para os produtos do tabaco aumentaram as chances de consumo desta substância.OBJECTIVE: To identify the factors associated with smoking experimentation and initiation

  17. Relação do índice de massa corporal, da relação cintura-quadril e da circunferência abdominal com a mortalidade em mulheres idosas: seguimento de 5 anos Relationship between body mass index, waist circumference, and waist-to-hip ratio and mortality in elderly women: a 5-year follow-up study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos A. S. Cabrera

    2005-06-01

    Full Text Available Este estudo analisa a associação entre a relação cintura-quadril (RCQ, a circunferência abdominal (CA e o índice de massa corporal (IMC com a mortalidade total e cardiovascular em 575 mulheres idosas ambulatoriais por um seguimento de cinco anos. Os maiores quartis de RCQ, CA e IMC, bem como as categorias pré-determinadas de IMC, foram analisados como variáveis preditivas e analisada a interferência de algumas variáveis confundidoras. Oitenta e oito mulheres morreram durante o seguimento (15,4%. As mulheres com baixo peso (IMC 0,97 estava associado com a maior mortalidade total, entretanto, na análise multivariada o aumento de RCQ apresentou uma associação independente com a mortalidade total, apenas entre as mulheres de 60 a 80 anos. Nenhuma medida antropométrica apresentou uma associação significativa com a mortalidade cardiovascular. Os resultados identificaram o baixo peso e a RCQ como preditores de mortalidade total em idosas, principalmente entre as mulheres com até 80 anos.This study examines the association between body mass index (BMI, waist-to-hip ratio (WHR, and waist circumference (WC and all-cause and cardiovascular mortality in elderly women in a 5-year longitudinal study of 575 female outpatients 60 years and over. The highest BMI, WHR, and WC quartiles and predefined BMI categories were analyzed as predictive variables. Death occurred in 88 (15.4%. Underweight (BMI 0.97 was associated with all-cause mortality. However, after adjustment for age, smoking, and previous cardiovascular diseases, the increase in WHR was positively associated only in women from 60 to 80 years of age. None of the anthropometric measurements was associated with cardiovascular mortality. The results indicate that underweight and increased waist-to-hip ratio were predictors of all-cause mortality in elderly women, mainly among those under 80 years.

  18. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil Dietary and physical activity factors as determinants of the increase in overweight/obesity in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Pinheiro Mendonça

    2004-06-01

    Full Text Available Os dados acerca do sobrepeso/obesidade na população brasileira demonstram um crescimento na sua prevalência entre as décadas de 70 e 90. Os dois aspectos mais apresentados como relacionados a este quadro têm sido mudanças no consumo alimentar, com aumento do fornecimento de energia pela dieta e redução da atividade física, configurando um "estilo de vida ocidental contemporâneo". Este artigo tem por objetivo identificar e avaliar alguns indicadores que se correlacionam com mudanças nas práticas alimentares e de atividade física na população brasileira nos últimos trinta anos. Apesar da carência de dados detalhados, os fatores que podem estar contribuindo para o quadro em tela incluem: migração interna; alimentação fora de casa; crescimento na oferta de refeições rápidas; mudanças no trabalho; meios de deslocamento; e equipamentos domésticos. Faltam informações mais detalhadas sobre as práticas alimentares e o padrão de atividade física no Brasil, em associação a dados antropométricos, para uma melhor explicação dessa relação. Há necessidade de projetos e programas intersetoriais que tenham metas bem definidas e que garantam a adesão da população a um estilo de vida saudável na perspectiva do controle do crescimento da prevalência do sobrepeso/obesidade no país.Data from Brazilian national surveys conducted since the 1970s have indicated an increase in the prevalence of overweight/obesity. The two most frequently cited causes of this trend have been dietary changes and reduction in physical activity, characterizing a "contemporary Western lifestyle". The objective of this paper is to identify and assess some indicators associated with changes in eating habits and physical activity patterns in the Brazilian population in the last 30 years. Despite the lack of detailed data, the following factors appear to play an important role in the process: internal migration; dining out; increased consumption of

  19. Distribuição espacial da dengue e determinantes socioeconômicos em localidade urbana no Sudeste do Brasil Geographical distribution of dengue and socioeconomic factors in an urban locality in Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ismael Paulino da Costa

    1998-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Fez-se uma análise da incidência de dengue na cidade de São José do Rio Preto, SP, durante epidemia (sorotipo I ocorrida no primeiro semestre de 1995, em função de áreas geográficas (unidades ambientais urbanas definidas através de variáveis econômico-sociais. MATERIAL E MÉTODO: Utilizou-se método epidemiológico do tipo "estudo ecológico". Para o cálculo do coeficiente de incidência (CI foram considerados os casos de dengue confirmados e notificados entre janeiro e julho de 1995. As unidades ambientais foram definidas a partir de variáveis socioeconômicas, tendo como base o setor censitário do IBGE, através de análise de agrupamento. Calculou-se o coeficiente de correlação linear entre o CI e variáveis ambientais. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Com base na distribuição de renda e no nível educacional foram identificadas três unidades ambientais. O CI de dengue variou de forma inversa com o padrão socioeconômico da unidade. Discutiu-se o papel da densidade populacional e dos serviços de saneamento ambiental, no nível de incidência. Ressaltou-se a importância do estudo para o controle da dengue.INTRODUCTION: The incidence of dengue (serum type I in the city of S. José do Rio Preto during an epidemic which occurred in the first semester of 1995 is analyzed in terms of geographical areas defined by socioeconomic variables. MATERIAL AND METHOD: The epidemiological method of analysis is the "ecological study" type. To calculate the coefficient of incidence of dengue, all cases both confirmed and reported between January and July, 1995 are considered. The environmental units are defined according to socioeconomic variables based on the IBGE (Brazilian Institute of Geography and Statistics Census of 1991, through cluster analysis. The linear correlation coefficient between coefficient of incidence and environmental variables is also calculated. RESULTS AND DISCUSSION: Three distinct environmental units are

  20. Padrões de mortalidade da população feminina do município de Ribeirão Preto, São Paulo (Brasil, de 1970 a 1974 Mortality patterns of the female population in the county of Ribeirão Preto (S. Paulo, Brazil, 1970 to 1974

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarisse Dulce Gardonyi Carvalheiro

    1977-03-01

    Full Text Available Estudou-se a mortalidade do sexo feminino determinando os coeficientes específicos de mortalidade feminina segundo os grupos etários e as causas de óbito no grupo etário de 15 a 49 anos. A investigação referiu-se a dados do município de Ribeirão Preto, SP (Brasil . Para as estimativas de população, foram utilizados os dados dos censos de 1960 e 1970. As informações referentes aos óbitos, foram retiradas dos Mapas Demográficos Sanitários da Divisão Regional de Saúde de Ribeirão Preto. Somente se coletaram informações das mulheres falecidas que residiam no município. Estudaram-se as 5 principais causas de óbitos do grupo etário em idade fértil segundo os 17 grupos da Classificação Internacional de Doenças (OPAS/OMS, 1969, encontrando-se em ordem decrescente: Doenças do Aparelho Circulatório (Grupo VII, Doenças Infecciosas e Parasitárias (Grupo I, Tumores (Grupo II, Acidentes, Envenenamentos e Violências (Grupo XVII e Doenças do Aparelho Digestivo (Grupo IX. O Grupo XI, complicações da gravidez, parto e puerpério, nos 5 anos analisados, correspondeu a 3,6% do total de óbitos. Conclui-se sobre a situação favorável do município, relacionada provavelmente à ampla cobertura profissional ao parto e puerpério.The mortality of the female population in the county of Ribeirão Preto (S. Paulo State, Brazil, by determining the female mortality specific rates by age groups and the death causes in the age group of 15 to 49 years was studied. The results of 1960 and 1970 Demographic Census were used in the estimation of 1971 to 1974 population. The informations on deaths of the residents were taken from the Demographic-Sanitary Maps of the Regional Health Division of Ribeirão Preto. The first five causes of deaths were coded according to the categories of the eighth Revision of the International Statistical Classification of Diseases, Injuries and Causes of Deaths. These were: Circulatory System Diseases, Infective

  1. Desigualdade social e outros determinantes da altura em crianças: uma análise multinível Social inequalities and other determinants of height in children: a multi-level analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes Drachler

    2003-12-01

    Full Text Available Estudo transversal de base populacional sobre altura de crianças de 12 a 59 meses (n = 2.632 foi realizado em Porto Alegre, Brasil. Usou-se regressão linear multinível para investigar o efeito de condições sócio-econômicas, demográficas, de saúde e dos ambientes físico e social sobre a altura, medida em escores-z do padrão de altura para idade do National Center for Health Statisrics. A área de localização do domicílio foi classificada como bem e mal provida em infra-estrutura habitacional. A altura foi, em média, -0,18 escore-z, estando positivamente associada a escolaridade e qualificação ocupacional dos pais, renda, qualidade de moradia, idade materna, intervalo interpartal e peso de nascimento, e negativamente relacionada a prematuridade, número de menores de cinco anos no domicílio e hospitalização nos dois primeiros anos de vida. O efeito da educação materna foi o dobro nas áreas mal providas em infra-estrutura habitacional. O efeito positivo da qualificação ocupacional dos pais foi evidente apenas nas áreas mal providas. Provavelmente, a área de residência modifica o efeito das condições sócio-econômicas sobre o crescimento. Programas habitacionais e de saneamento são potencialmente úteis para diminuir o efeito de condições sócio-econômicas desfavoráveis sobre o crescimento da criança.A cross-sectional household survey of height among children under five years of age (n = 2,632 was conducted in the city of Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil. Multi-level linear regression was applied to investigate the effect of socioeconomic and demographic factors, physical and social environment, and health conditions on children’s height, measured by the height-for-age z-scores of the National Center for Health Statistics standards. Area of residence (census tract was classified as good versus poor in terms of housing and sanitation standards. On average, children’s height was -0.18 z

  2. Mortalidade infantil em duas coortes de base populacional no Sul do Brasil: tendências e diferenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menezes Ana M. B.

    1996-01-01

    Full Text Available Estudou-se a tendência temporal da mortalidade infantil através de dois estudos de coorte realizados em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 1982 e 1993. Ambas coortes incluíram todos os nascimentos hospitalares e óbitos verificados através de visitas regulares aos hospitais, cartórios e cemitérios. As informações sobre a causa de morte foram obtidas através de entrevistas com pediatras, revisão do prontuário, necrópsias e entrevista com os pais das crianças. O coeficiente de mortalidade infantil caiu de 36,4 por mil nascidos vivos para 21,1 na década. As principais causas de mortalidade infantil em 1993 foram as perinatais, malformações congênitas, diarréia e infecções respiratórias. Crianças com baixo peso ao nascer apresentaram mortalidade 12 vezes maior do que crianças com peso adequado, e crianças pré-termo, duas vezes mais do que crianças com retardo de crescimento intra-uterino. Crianças de famílias com renda baixa (um salário mínimo apresentaram mortalidade sete vezes superior àquelas com renda alta (10 salários mínimos. A mortalidade de crianças de baixo peso ao nascer e alta renda familiar decresceu em 67%, contra apenas 36% para as de baixa renda. Conclui-se que, mesmo com uma queda expressiva da mortalidade infantil na década, persistem importantes desigualdades sociais.

  3. Avaliação da qualidade das variáveis sócio-econômicas e demográficas dos óbitos de crianças menores de um ano registrados no Sistema de Informações sobre Mortalidade do Brasil (1996/2001 Quality of socioeconomic and demographic data in relation to infant mortality in the Brazilian Mortality Information System (1996/2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalia E. Romero

    2006-03-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo avaliar a qualidade da informação sócio-econômica e demográfica, por Unidade Federada (UF do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. A finalidade é reconhecer sua potencialidade no monitoramento da desigualdade da mortalidade infantil no Brasil. Utilizaram-se como indicadores de qualidade a acessibilidade, oportunidade, claridade metodológica, incompletitude e consistência. Selecionaram-se as variáveis: raça da criança, peso ao nascer, semanas de gestação, assistência médica, parturição, escolaridade, idade e ocupação materna. Foram revisadas a documentação do SIM e a literatura sobre indicadores associados com a mortalidade infantil, estimaram-se proporções de incompletitude, por região e UF, e identificaram-se fatores que a influenciam a partir de regressões logísticas. Constatou-se que, apesar da acessibilidade da base de dados e da relevância de suas variáveis, o SIM possui sérios problemas de qualidade que incluem instruções confusas no manual para informação ignorada, má classificação da ocupação materna, ausência de identificação sobre a raça do informante e elevada proporção de incompletitude da informação. Conclui-se que o SIM não é uma fonte de dados adequada para monitorar, avaliar e planejar ações sobre desigualdade em saúde infantil.This study aimed to evaluate the quality of socioeconomic and demographic data in the Brazilian Mortality Information System (SIM, in relation to infant mortality. The article assesses the system's potential for monitoring inequalities in infant mortality in various States in the country. Accessibility, timeliness, methodological clarity, incompleteness, and consistency were explored as quality indicators. Selected variables were: race, birth weight, gestational age, medical care, parity, and maternal schooling, age, and occupation. The study also reviewed the system's working documentation and the scientific

  4. Determining the level of public stocks: measurement in the capital of the member of the southern region of Brazil Determinantes do nível dos estoques públicos: mensuração nas capitais dos estados da região sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sérgio Almeida dos Santos

    2012-10-01

    setor público os investimentos em estoques precisam suprir as necessidades vigentes. Nesse contexto, o estudo teve como objetivo avaliar os níveis de estoques das prefeituras das capitais dos estados da Região Sul do Brasil, bem como os seus determinantes e evolução ao longo do tempo. Para atingir o objetivo geral proposto, a pesquisa pode ser classificada quanto aos seus objetivos como descritiva, no que tange ao procedimento documental e quanto à abordagem do problema, quantitativo. A amostra da pesquisa compreende as capitais dos estados da Região Sul do Brasil. Para o cálculo dos dados, foram aplicadas as fórmulas matemáticas preconizadas na Instrução Normativa nº 205/88. Os resultados sinalizam que ocorreram problemas referentes à falta de estoques nos almoxarifados das prefeituras. Tal problema possivelmente pode ser gerado em torno das saídas de mercadorias, tendo em vista questões de fins organizacionais das prefeituras. Portanto, as saídas de suprimentos aos diversos setores da administração municipal são registradas antecipadamente a entradas de suprimentos no almoxarifado, nos quais os materiais já estão devidamente alocados. Contudo, a visão de planejamento e estratégia na administração dos estoques públicos faz-se necessário, já que grandes são os custos em tornos dos estoques, para maximizar o valor do serviço público, afetando desse modo o oferecimento dos bens e serviços à população da região. 

  5. Preditores de injúria renal aguda e de mortalidade em uma Unidade de Terapia Intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Alberto Batista Peres

    2015-03-01

    Full Text Available Introdução e Objetivos: Comparar características clínicas e evolução dos pacientes com e sem injúria renal aguda (IRA, avaliar a incidência, mortalidade da IRA e fatores de risco de IRA e de óbito em pacientes em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI. Métodos: Estudo retrospectivo que analisou 152 pacientes em uma única UTI. Avaliamos a idade, o sexo, o motivo do internamento, fatores de risco para IRA, dados laboratoriais, a necessidade de terapia renal substitutiva e a mortalidade. Acute Physiology and Chronic Health Evaluation (APACHE II, Sequential Organ Failure Assessment (SOFA e RIFLE foram registrados no dia de admissão na UTI. Determinamos a incidência da IRA, mortalidade e os preditores independentes de IRA e de óbito utilizando o modelo de regressão logística. Resultados: A idade média foi de 57,1 ± 20 anos e 60,1% eram masculinos. IRA não dialítica ocorreu em 81 pacientes (53,2% e a IRA dialítica ocorreu em 19 pacientes (12,4%. A mortalidade global foi de 35,9%, enquanto que a taxa de mortalidade nos pacientes com IRA não dialítica foi de 43,2% e a dos com IRA dialítica de 84,2%. Na análise multivariada, a ventilação mecânica invasiva, a creatinina e a ureia elevadas na admissão foram fatores de risco independentes para IRA, enquanto que diagnóstico clínico, uso de ventilação mecânica invasiva, ureia e lactato aumentados e hipernatremia foram fatores de risco independentes para mortalidade na UTI. Conclusão: A incidência e a mortalidade de IRA na UTI foram elevadas neste estudo, apesar dos avanços que vêm surgindo no seu manejo.

  6. Determinantal point process models on the sphere

    DEFF Research Database (Denmark)

    Møller, Jesper; Nielsen, Morten; Porcu, Emilio

    defined on Sd × Sd . We review the appealing properties of such processes, including their specific moment properties, density expressions and simulation procedures. Particularly, we characterize and construct isotropic DPPs models on Sd , where it becomes essential to specify the eigenvalues......We consider determinantal point processes on the d-dimensional unit sphere Sd . These are finite point processes exhibiting repulsiveness and with moment properties determined by a certain determinant whose entries are specified by a so-called kernel which we assume is a complex covariance function...

  7. Determinantes del Diagnóstico Periodontal

    OpenAIRE

    Botero, J.E.; Bedoya,E

    2010-01-01

    Un correcto diagnóstico periodontal es necesario para la realización de una terapia periodontal exitosa en nuestro paciente. Entendiendo que la enfermedad periodontal es un proceso infeccioso-inflamatorio, diferentes variables se deben analizar clínicamente para determinar el diagnóstico. El diagnóstico entonces es un análisis concienzudo de la expresión clínica de la enfermedad, desde gingivitis hasta periodontitis. Este artículo analiza los determinantes más importantes del diagnóstico peri...

  8. Determinantes del diagnóstico periodontal

    OpenAIRE

    Botero,JE; Bedoya,E

    2010-01-01

    Un correcto diagnóstico periodontal es necesario para la realización de una terapia periodontal exitosa en nuestro paciente. Entendiendo que la enfermedad periodontal es un proceso infeccioso-inflamatorio, diferentes variables se deben analizar clínicamente para determinar el diagnóstico. El diagnóstico entonces es un análisis concienzudo de la expresión clínica de la enfermedad, desde gingivitis hasta periodontitis. Este artículo analiza los determinantes más importantes del diagnóstico peri...

  9. Insuficiência renal aguda no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP: descrição da população e análise dos fatores de risco associados a mortalidade

    OpenAIRE

    Galvão, Siha Fernandez Valente [UNESP

    2007-01-01

    A Insuficiência Renal Aguda apresenta uma alta incidência em pacientes internados em hospitais terciários, principalmente em Unidades de Terapia Intensiva, estando associada a elevada mortalidade. Este trabalho tem como objetivos descrever a população de pacientes internados no Hospital das Clínicas de Faculdade de Medicina de Botucatu - UNESP com diagnóstico de Insuficiência Renal Aguda atendidos pelo Grupo de Interconsultas do Serviço de Nefrologia e avaliar os fatores de risco associados a...

  10. Mortalidade por intoxicacao ocupacional relacionada a agrotoxicos, 2000-2009, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Sousa Santana

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o coeficiente de mortalidade por intoxicações ocupacionais relacionadas aos agrotóxicos no Brasil. MÉTODOS: Utilizaram-se dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade de 2000 a 2009 referentes aos diagnósticos de intoxicação por agrotóxicos, T60.0-T60.4, T60.8 e T60.9, X48, Y18, e Z578 da CID-10, para a causa básica ou associadas; a natureza ocupacional foi identificada pelo registro no campo , e se a era na agropecuária. Foram excluídos homicídios e suicídios. Para cálculo da mortalidade, o número de trabalhadores da agropecuária foi obtido do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, projeções do Sistema de Contas Nacionais. RESULTADOS: Foram encontrados registros de 2.052 óbitos por intoxicação por agrotóxicos no Brasil, dos quais 36,2% (n = 743 não continham dados sobre a ocupação. Dentre os 1.309 restantes, 679 (51,9% eram trabalhadores da agropecuária. A mortalidade por intoxicação ocupacional por agrotóxicos caiu de 0,56/100.000 (2000 a 2001 para 0,39/100.000 (2008 a 2009 entre trabalhadores no período, maior queda entre os homens que entre as mulheres. Os homens tiveram maiores estimativas de mortalidade por esse tipo de intoxicação em todos os anos. A maior parte dos óbitos foi causada por agrotóxicos do tipo organofosforados e carbamatos. O número de óbitos por esse tipo de intoxicação declinou em todas as regiões, exceto no Nordeste. CONCLUSÕES: É necessária a melhoria dos registros das declarações de óbito, em especial da ocupação e da relação dos diagnósticos com o trabalho, fundamentais para o controle e prevenção mais adequados para esses acidentes de trabalho. Atenção especial deve ser dirigida à região Nordeste do Brasil.

  11. Determinantal and Permanental Representation of Generalized Fibonacci Polynomials

    CERN Document Server

    Sahin, Adem

    2011-01-01

    In this paper, we give some determinantal and permanental representations of Generalized Fibonacci Polynomials by using various Hessenberg matrices. These results are general form of determinantal and permanental representations of k sequences of the generalized order-k Fibonacci and Pell numbers.

  12. Determinantes da adesão ao tratamento anti-retroviral em Brasília, DF: um estudo de caso-controle Determinants of antiretroviral treatment adherence in Brasília, Federal District: a case-control study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Viveiros de Carvalho

    2007-10-01

    Full Text Available Buscou-se avaliar os fatores relacionados à adesão ao tratamento anti-retroviral no Distrito Federal. De 150 pacientes entrevistados em sete centros de referência, 35 não aderentes foram definidos como casos, sendo selecionados 70 controles aderentes, pareados por idade. Avaliaram-se variáveis sócio-demográficas, hábitos, suporte social, qualidade de vida, questões relacionadas a doença, estado clínico, tratamento e serviço. Na análise bivariada, houve associação da adesão com raça/cor, escolaridade, centros de referência em que faz acompanhamento e renda familiar. Após ajuste, cor parda, centros de referência localizado no Plano Piloto, escolaridade alta e receber apoio dos amigos quanto às necessidades permaneceram associados com adesão. Retirando raça/cor do modelo, mantiveram-se centros de referência, escolaridade, profissão, renda, apoio (contar com alguém que demonstre gostar de você e satisfação com o atendimento na farmácia de dispensação. Além dos fatores já consolidados na literatura, questões relacionadas ao apoio no âmbito micro-social e aos serviços de assistência mostraram-se associados à observância terapêutica.We sought to evaluate factors relating to adherence to antiretroviral treatment in the Federal District. Out of 150 patients interviewed at seven reference centers; 35 non-adherent subjects were considered to be cases; we selected 70 age-matched adherent individuals as controls. Variables relating to sociodemographics, habits, social support, quality of life, disease-related issues, clinical conditions, treatment and healthcare services were evaluated. Bivariate analysis showed that adherence was associated with race/color, educational level, the reference center where the patient was followed up and familial income. After adjustments, mixed race (parda, reference center location in central Brasília, high educational level and friends’ support for needs remained associated with

  13. Risk factors for and mortality of extended-spectrum-β-lactamase-producing Klebsiella pneumoniae and Escherichia coli nosocomial bloodstream infections Fatores de risco e mortalidade de infecções da corrente sanguínea por Klebsiella pneumoniae and Escherichia coli produtores de beta-lactamase de espectro estendido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Vargas Superti

    2009-08-01

    Full Text Available A case-control study, involving patients with positive blood cultures for Klebsiella pneumoniae (KP or Escherichia coli (EC EC and controls with positive blood cultures for non-ESBL-KP or EC, was performed to assess risk factors for extended-spectrum-β-lactamase (ESBL production from nosocomial bloodstream infections (BSIs. Mortality among patients with BSIs was also assessed. The study included 145 patients (81, 59.5% with K. pneumoniae and 64, 44.1% with E. coli BSI; 51 (35.2% isolates were ESBL producers and 94 (64.8% nonproducers. Forty-five (55.6% K. pneumoniae isolates were ESBL producers, while only six (9.4% E. coli isolates produced the enzyme. Multivariate analysis showed that recent exposure to piperacillin-tazobactam (adjusted Odds Ratio [aOR] 6.2; 95%CI 1.1-34.7 was a risk factor for ESBL BSI. K. pneumoniae was significantly more likely to be an ESBL-producing isolate than E. coli (aOR 6.7; 95%CI 2.3-20.2. No cephalosporin class was independently associated with ESBLs BSI; however, in a secondary model considering all oxymino-cephalosporins as a single variable, a significant association was demonstrated (aOR 3.7; 95%CI 1.3-10.8. Overall 60-day mortality was significantly higher among ESBL-producing organisms. The finding that piperacillin-tazobactam use is a risk factor for ESBL-production in KP or EC BSIs requires attention, since this drug can be recommended to limit the use of third-generation cephalosporins.Estudo de caso-controle, onde os casos foram pacientes com hemocultura positiva para Klebsiella pneumoniae (KP ou Escherichia coli (EC produtores de beta lactamase de espectro estendido (ESBL e os controles foram pacientes com hemoculturas positivas para EC ou KP não produtores de ESBL foi realizado para avaliar os fatores de risco para produção destas enzimas em infecções da corrente sanguínea (ICS. Mortalidade dos pacientes com ICS também foi avaliada. Foram incluídos 145 pacientes (81, 59,5% tinham Klebsiella

  14. Mortalidade perinatal em duas coortes de base populacional no Sul do Brasil: tendências e diferenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M. B. Menezes

    Full Text Available A evolução da mortalidade perinatal foi estudada em Pelotas, Rio Grande do Sul, através de dois estudos de coorte realizados em 1982 e 1993. Todos os nascimentos hospitalares e os óbitos foram monitorizados com visitas diárias aos hospitais. A causa da morte foi determinada através de informações do prontuário, entrevista com o pediatra e de necrópsias. O coeficiente de mortalidade perinatal sofreu uma redução de 31% na década. O sub-registro que era de 42,1% em 1982, foi de apenas 6,8% em 1993. Dentre as causas de mortalidade perinatal, houve uma redução em 1993 de 58% para óbitos fetais antepartum, 47% para imaturidade e 62% para outras causas. Os coeficientes para asfixia sofreram um aumento de 4,5/1.000 para 8,3/1.000. As meninas apresentaram um coeficiente de mortalidade perinatal menor do que os meninos. Os coeficientes de mortalidade perinatal conforme peso ao nascer e renda familiar sofreram importantes reduções, sendo que a mais notável foi para crianças de baixo peso e de famílias de renda alta, com uma queda de 68%. Assim como em 1982, os recém-nascidos pré-termo tiveram coeficientes três vezes mais elevados do que crianças pequenas para a idade gestacional. Apesar da queda dos índices de mortalidade na década, as diferenças entre os grupos sociais mantiveram-se grandes.

  15. Comitês de prevenção da mortalidade infantil no Paraná, Brasil: implantação e operacionalização Committees for the prevention of infant mortality in the State of Paraná, Brazil: implementation and operation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nereu Henrique Mansano

    2004-02-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo relatar a experiência de implantação e funcionamento dos Comitês de Prevenção da Mortalidade Infantil no Estado do Paraná, Brasil, apresentando as estratégias de operacionalização, composição e fluxo dos três níveis: estadual, regional e municipal. Para a efetiva implantação dessa proposta, foi necessário preparar profissionais para investigar o óbito infantil e, portanto, foram realizados treinamentos de Multiplicadores para Investigação dos Óbitos Infantis. Em dois anos, os comitês analisaram 50% dos óbitos do Estado. Pretende-se ampliar gradativamente o número de óbitos analisados, bem como dar continuidade ao acompanhamento e à reestruturação dos comitês, visando a obter melhor desempenho, mais agilidade e melhor qualidade dos dados.This article reports on the implementation and operation of committees for the prevention of infant mortality in the State of Paraná, Brazil, with the operational strategies, formation, and relations at three levels: State, regional, and municipal. To implement the committees it was necessary to train professionals to investigate infant deaths. In two years the committees analyzed 50% of the infant deaths occurring in the State. The goal is to increase the number of cases analyzed and to continue to monitor the committees' work, seeking improved performance, agility, and data quality.

  16. Estudo da mortalidade de recém-nascidos internados na UTI neonatal do Hospital Geral de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul Newborn mortality study in the neonatal intensive care unit of Caxias do Sul General Hospital, Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Fauth de Araújo

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: conhecer as causas e variáveis relacionadas com o óbito de recém-nascidos (RN de uma UTI neonatal de referência na região Sul do Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo envolvendo 2.247 RN acompanhados até a alta. Foram analisadas variáveis maternas, do RN e variáveis da gestação, parto e atendimento. Foi utilizada a análise univariada e a regressão logística múltipla para relacionar as variáveis estudadas com o óbito. RESULTADOS: ocorreram 184 óbitos, com uma letalidade de 8,2%. A mortalidade dos RN com peso 2.500g ou a termo. As variáveis relacionadas ao óbito foram o peso OBJECTIVES: to determine causes and variables related to newborn deaths of a neonate intensive care unite (ICU in the Southern region of Brazil. METHODS: a descriptive study involving 2.247 newborns followed up until discharge date. Maternal variables were analyzed, as well as of the newborn and pregnancy, delivery and medical assistance variables. Univariate analysis and multiple logistic regression were used to relate the variables studied with death occurrence. RESULTS: 184 deaths occurred, corresponding to a 8.2% lethality rate. Newborn mortality variables were the following: weight of 2.500g or born at pregnancy term. Death related variables were weight of <2.000 grams, Apgar at 5' <4, no prenatal medical care, the need of delivery room resuscitation procedures and mechanic ventilation during hospitalization. Deaths basic causes were malformations (25.6%, maternal hypertension (17.9% and maternal infections (12.0%. CONCLUSIONS: many of the deaths occurred because of the poor medical care offered to pregnant women and newborns, a challenge that need to be faced by neonatologists, obstetricians and the government.

  17. Fatores determinantes da incidência de macrossomia em um estudo com mães e filhos atendidos em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro Factors accountable for macrosomia incidence in a study with mothers and progeny attended at a Basic Unity of Health in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Costa de Oliveira

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar fatores determinantes da incidência de macrossomia em um estudo com mães e filhos atendidos em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro. MÉTODOS: estudo de coorte prospectivo, com 195 pares de mães e filhos, em que a variável dependente foi a macrossomia (peso ao nascer >4.000 g, independente da idade gestacional ou de outras variáveis demográficas e as independentes foram variáveis socioeconômicas, reprodutivas pregressas/do curso da gestação, bioquímicas, comportamentais e antropométricas. A análise estatística foi feita por meio de regressão logística múltipla. Foram estimados valores de risco relativo (RR baseado na fórmula simples: RR = OR /(1 - I0 + (I0 versus OR, em que I0 é a incidência de macrossomia em não-expostos. RESULTADOS: a incidência de macrossomia foi de 6,7%, sendo os maiores valores encontrados em filhos de mulheres com idade >30 anos (12,8%, brancas (10,4%, com dois filhos ou mais (16,7%, que tenham tido recém-nascidos do sexo masculino (9,6%, com estatura >1,6 m (12,5%, com estado nutricional pré-gestacional de sobrepeso ou obesidade (13,6% e ganho de peso gestacional excessivo (12,7%. O modelo final revelou que ter dois filhos ou mais (RR=3,7; IC95%=1,1-9,9 e ter tido recém-nascido do sexo masculino (RR=7,5; IC95%=1,0-37,6 foram as variáveis que permaneceram associadas à ocorrência de macrossomia. CONCLUSÕES: a incidência de macrossomia foi maior que a observada no Brasil como um todo, mas ainda é inferior à relatada em estudos de países desenvolvidos. Ter dois filhos ou mais e ter tido recém-nascido do sexo masculino foram fatores determinantes da ocorrência de macrossomia.PURPOSE: to investigate factors accountable for macrosomia incidence in a study with mothers and progeny attended at a Basic Unity of Health in Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: a prospective study, with 195 pairs of mothers and progeny, in which the dependent variable was

  18. Uma cidade mais que insalubre: mortalidade populacional em Porto Alegre ao final do século XIX sob perspectiva comparativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Oliveira

    2016-02-01

    Full Text Available Analisa o cenário da mortalidade populacional em Porto Alegre nos anos finais do século XIX (1880 a 1900, comparando-o com outras cidades do Brasil e do mundo, tendo como principal parâmetro o indicador Taxa Bruta de Mortalidade (TBM. Procura-se identificar e analisar condicionantes que impactavam na mortalidade da população residente naquela cidade. Como referenciais teóricos e metodológicos destacam-se estudos ligados à história social e demografia histórica, história da saúde e das doenças e à epidemiologia. Verificou-se distinções no quadro da mortalidade de Porto Alegre em relação às demais cidades analisadas, tal como mortalidade mais acentuada ocasionada por doenças endêmicas, indicando que a capital gaúcha não estaria preparada, naquele momento, para a absorção da população que nela se estabelecia.

  19. Determinantes biopsicossociais que predizem qualidade de vida em pessoas que vivem com HIV/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Medeiros

    2013-12-01

    Full Text Available O advento da terapia antirretroviral trouxe a necessidade de se compreender os determinantes psicossociais envolvidos na avaliação de qualidade de vida em pessoas que vivem com HIV/AIDS. O objetivo desse estudo é investigar os determinantes psicossociais e clínicos envolvidos na avaliação de qualidade de vida nesse grupo social. Esta pesquisa envolveu 90 pessoas vivendo com HIV/AIDS (média de idade de 33,7 anos, DP = 6,6. Um questionário sócio-demográfico e clínico e o WHOQOL-BREF constituíram os principais métodos. Análises descritivas, comparações entre médias de grupos-critério e análise de regressão foram utilizadas. Os resultados demonstram melhor qualidade de vida entre os que estavam satisfeitos com os serviços de saúde do hospital, bem como os principais determinantes para a avaliação de qualidade de vida são a dimensão psicológica, contagens de células CD4 e a dimensão ambiental. Essa pesquisa sugere a elaboração de políticas públicas de saúde em HIV/AIDS que englobem os fatores psicossociais.

  20. Mortalidade de idosos em município do Sudeste brasileiro de 2006 a 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolpho Telarolli Júnior

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo foi descrever a mortalidade entre idosos em Araraquara (SP, no período de 2006 a 2011. Estudo epidemiológico descritivo, tendo como fontes de dados o Sistema de Informações sobre Mortalidade e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados. Foi calculada razão entre coeficientes de mortalidade por ponto (R e por intervalo de 95% de confiança (IC95%. Observou-se mais de 60% dos idosos com nível baixo de escolaridade, sendo que 76% faleceram em hospitais. Entre 2006 e 2008, as diferenças foram estatisticamente significantes entre homens e mulheres, predominando as doenças circulatórias com R = 1,41 (IC95%:1,24-1,58, respiratórias com R = 1,49 (IC95%:1,22-1,76 e neoplasias com R = 1,79 (IC95%: 1,40-2,18. Entre 2009 e 2011, obteve-se, para as causas circulatórias R = 1,18 (IC95%:1,03-1,33, sendo significativas as diferenças para as respiratórias com R = 1,33 (IC95%:1,11-1,55 e câncer sendo R = 1,94 (IC95%:1,53-2,35. O diabetes mellitus e as causas externas apareceram, respectivamente, como quarta e quinta causas de mortes mais frequentes na população idosa. O padrão de mortalidade encontrado ressalta a importância de ações voltadas à redução das principais causas de morte, como o incremento da cobertura da vacina contra a influenza e o controle da hipertensão arterial e do diabetes mellitus.

  1. A influência da mortalidade por causas externas no desenvolvimento humano na Faixa de Fronteira brasileira The impact of mortality from external causes on human development in the Brazilian borderland

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Marcelo de Castro

    2012-01-01

    Full Text Available Neste artigo estima-se a influência de óbitos por causas externas no desenvolvimento na Faixa de Fronteira Brasileira, mensurado pelo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH, entre 2000 e 2005. Os dados obtidos em órgão oficiais do Brasil foram combinados por meio da metodologia definida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, revelando a situação do IDH nas condições de fato. Subsequentemente, foram desconsiderados os óbitos por causas externas para estimar sua influência no índice, recalculando-se a expectativa de vida utilizando a técnica de causas competitivas. Observou-se que o IDH nas condições de fato apresenta um gradual aumento no sentido Norte-Sul, com as regiões mais desenvolvidas concentrando-se no Sul, o que se apresenta em concordância com outros estudos que utilizam outros conjuntos de indicadores socioeconômicos. Ao desconsiderar os óbitos por causas externas, os maiores ganhos foram apresentados nas regiões onde os IDH (nas condições de fato eram menores e a magnitude dos ganhos reduziu-se em direção do Sul.This article estimates the impact of mortality from external causes on the human development index (HDI along the Brazilian borderland from 2000 to 2005. Data obtained from Brazilian government agencies were combined using the methodology defined by the United Nations Development Program, revealing the HDI according to actual conditions. Subsequently, deaths from external causes were excluded in order to estimate their impact on the index, recalculating life expectancy using the technique of competing causes. HDI showed a gradual increase from North to South, with the most developed regions concentrated in the South, consistent with studies using other sets of economic indicators. By excluding mortality from external causes, the highest gains appeared in regions where the HDI (under actual conditions were lower, and the magnitude of gains declined towards the South.

  2. Early determinants of attention and hyperactivity problems in adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil birth cohort study Determinantes precoces de problemas de atenção e hiperatividade na adolescência: a visita de 11 anos da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Anselmi

    2010-10-01

    Full Text Available The aim of this study was to assess early determinants of attention and hyperactivity problems in adolescents. In 1993, all hospital births in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, were monitored and mothers were interviewed (N = 5,249. At 11 years of age, 4,423 mothers answered the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ in order to evaluate attention and hyperactivity problems in the adolescents. Crude and adjusted prevalence ratios were calculated using Poisson regression. Prevalence of attention and hyperactivity problems was 19.9%. Factors associated with the outcome in the adjusted analysis were: male gender, low family income, smoking during pregnancy, minor psychiatric disorders in the mother, and history of child's behavioral/emotional problems at four years of age. Early life events impacted attention and hyperactivity problems in adolescence. Risk factors for attention and hyperactivity problems found in this study were similar to those reported in other cultures.O objetivo deste trabalho foi estudar determinantes precoces dos problemas de atenção e hiperatividade em adolescentes. Em 1993, os nascimentos foram recrutados e as mães entrevistadas (n = 5.249. Aos 11 anos, 4.423 mães responderam ao Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ para avaliar problemas de atenção e hiperatividade nos adolescentes. Variáveis socioeconômicas, demográficas, biológicas e psicológicas foram investigadas como prováveis fatores de risco. Razões de prevalência brutas e ajustadas foram calculadas com regressão de Poisson. A prevalência de problemas de atenção e hiperatividade foi 19,9%. Sexo masculino, baixa renda familiar, tabagismo materno na gestação, transtornos psiquiátricos maternos e problemas de comportamento/emocionais do adolescente aos quatro anos permaneceram associados na análise ajustada. Eventos do início da vida influenciaram os problemas de atenção e hiperatividade na adolescência. Os

  3. As causas externas no Brasil no ano 2000: comparando a mortalidade e a morbidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Pinheiro Gawryszewski

    2004-08-01

    Full Text Available Desde o início da década de 80, as causas externas representam a segunda causa de morte no Brasil. Também determinam crescente demanda aos serviços de saúde. O objetivo do presente trabalho é analisar a morbi-mortalidade por causas externas no Brasil. O material do estudo é composto pelas 118.367 mortes e 652.249 internações hospitalares por causas externas ocorridas no Brasil no ano 2000. Os dados são provenientes do Sistema de Informações de Mortalidade e Sistema de Informações Hospitalares. Entre os resultados destaca-se que o coeficiente de mortalidade por causas externas foi 69,7/100 mil (119,0/100 mil para os homens e 21,8/100 mil para as mulheres. Os homicídios lideraram as causas de morte (38,3% do total, com coeficiente alto, 26,7/100 mil e as quedas lideram as internações (42,8% do total. Os traumas e lesões relacionados ao transporte terrestre são importantes tanto na morbidade quanto na mortalidade. As fraturas representaram 42,6% das hospitalizações, mais freqüentes em membros superiores e inferiores. Aponta-se que os programas de prevenção devem ter impacto tanto na mortalidade quanto na morbidade, com destaque para os homicídios, transporte e quedas.

  4. ESTRATÉGIAS DE GESTÃO AMBIENTAL E SEUS FATORES DETERMINANTES: UMA ANÁLISE INSTITUCIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Dias Alperstedt

    2010-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho consiste em analisar os fatores determinantes das estratégias de gestão ambiental das empresas industriaiscatarinenses. Os dados primários foram obtidos por meio de um questionário respondido por 88 empresas e analisadosquantitativamente por meio da análise descritiva e de correspondência múltipla. O estudo demonstrou que os fatoresinternos determinantes das estratégias de gestão ambiental foram o comprometimento dos colaboradores e o apoio dos gestorese, os externos, as exigências da sociedade, as regulamentações governamentais, a adequação aos padrões normativos ea concorrência. A pesquisa também aponta para um mimetismo que ainda não foi rompido pelas empresas mais proativas,denotando uma homogeneidade na interpretação do ambiente institucional por parte das empresas.

  5. Hipertrofia ventricular e mortalidade cardiovascular em pacientes de hemodiálise de baixo nível educacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana dos Santos e Silva Martin

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda é potente preditor de mortalidade em renais crônicos. Estudo prévio de nosso grupo mostrou que renais crônicos com menor escolaridade têm hipertrofia ventricular mais intensa. OBJETIVO: Ampliar estudo prévio e verificar se a hipertrofia ventricular esquerda pode justificar a associação entre escolaridade e mortalidade cardiovascular de pacientes em hemodiálise. MÉTODOS: Foram avaliados 113 pacientes entre janeiro de 2005 e março de 2008 e seguidos até outubro de 2010. Foram traçadas curvas de sobrevida comparando a mortalidade cardiovascular, e por todas as causas dos pacientes com escolaridade de até três anos (mediana da escolaridade e pacientes com escolaridade igual ou superior a quatro anos. Foram construídos modelos múltiplos de Cox ajustados para as variáveis de confusão. RESULTADOS: Observou-se associação entre nível de escolaridade e hipertrofia ventricular. A diferença estatística de mortalidade de origem cardiovascular e por todas as causas entre os diferentes níveis de escolaridade ocorreu aos cinco anos e meio de seguimento. No modelo de Cox, a hipertrofia ventricular e a proteína-C reativa associaram-se à mortalidade por todas as causas e de origem cardiovascular. A etiologia da insuficiência renal associou-se à mortalidade por todas as causas e a creatinina associou-se à mortalidade de origem cardiovascular. A associação entre escolaridade e mortalidade perdeu significância estatística no modelo ajustado. CONCLUSÃO: Os resultados do presente trabalho confirmam estudo prévio e demonstram, ademais, que a maior mortalidade cardiovascular observada nos pacientes com menor escolaridade pôde ser explicada por fatores de risco de ordem bioquímica e de morfologia cardíaca.

  6. Análise espacial da mortalidade por causas externas no município de Maringá, Estado do Paraná, 1999 a 2001 - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i2.1900 Spatial analysis of mortality from outside causes in the city of Maringá, 1999-2001 - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i2.1900

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Udelysses Janete Veltrini Fonzar

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar a distribuição espacial da mortalidade por causas externas (acidentes de trânsito, homicídios, suicídios, quedas, afogamentos e outras causas externas no Município de Maringá, no período de 1999 a 2001. A representação espacial da mortalidade por causas externas levou em consideração as zonas censitárias e as características socioeconômicas destas. Para isso, foram utilizados o programa ArcView 3.0 e as proposições da semiologia gráfica para elaboração dos mapas temáticos. Os resultados desta análise evidenciaram desigualdades na mortalidade por causas violentas nos três anos de estudo, não fazendo qualquer distinção entre a infraestrutura urbana e as características socioeconômicas das vítimas. Dessa forma, é necessário que a cidade seja revista como um espaço de gestão planejada na perspectiva de uma vida saudável para todos, com objetivos concretos de redução das iniquidades sociais. Portanto, é imprescindível que a promoção da saúde incorpore estratégias de alteração no perfil de riscos da morbimortalidade das causas externas, por intermédio da formulação das políticas públicas.The goal of this study is the analysis of the spatial distribution of mortality from external causes (traffic accidents, homicides, suicides, falls, drownings and other external causes in the city of Maringá, between 1999 and 2001. The special representation of the mortality due to external causes considered the census zones and their socioeconomic characteristics. For this, the ArcView 3.0 software program was used, as well as the propositions of the semiology of graphics for the elaboration of thematic maps. The results of this analysis showed inequalities in the mortality due to violent causes during the three years of the study, without distinction among the urban infrastructure and the social economic characteristics of the victims. Therefore, it becomes necessary that the city

  7. As determinantes do crescimento económico em Portugal, Irlanda e Grécia

    OpenAIRE

    Santos, João Pedro Pereira Malcher dos

    2014-01-01

    Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus Esta dissertação faz a análise das determinantes do crescimento económico em Portugal, Irlanda e Grécia, no período 1960 a 2013, utilizando modelos econométricos de séries temporais e dados de painel. Os resultados, nos dois tipos de modelos, sugerem que o investimento tem um efeito positivo no crescimento económico destes países, ao passo que o aumento da despesa pública tem um efeito negativo. Quanto à influência do Euro, os resultado...

  8. Mortalidade por tumores de cérebro no Brasil, 1980-1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Gina Torres Rego

    2003-01-01

    Full Text Available Os tumores cerebrais são raros, mas sua incidência e mortalidade vêm aumentando ao longo das últimas décadas em vários países, inclusive no Brasil, particularmente entre idosos. O presente artigo descreve o perfil da mortalidade desses tumores no país, analisando a distribuição de suas taxas segundo sexo, idade, topografia e natureza tumoral entre 1980 e 1998. As taxas de mortalidade por esta neoplasia, ajustadas por idade pela população mundial, cresceram de 2,24/100 mil para 3,35/100 mil, correspondendo a um aumento de 50%. Estas foram mais elevadas na infância que na adolescência, aumentando posteriormente com a idade e alcançando níveis altos nos mais idosos, sendo o crescimento médio nos maiores de 70 anos de 6% ao ano ao longo da série estudada. São analisadas as taxas de tumores do encéfalo e das meninges cerebrais para o país e para capitais selecionadas. A constatação do aumento dessas taxas demanda a elaboração de estudos com vistas a elucidar o papel de novas tecnologias diagnósticas, assim como de potenciais fatores de risco ambientais.

  9. Canais de Distribuição no Turismo: uma análise das variáveis determinantes do uso de canais interpessoais e da Internet na compra de passagens aéreas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Sittoni Brasil

    2010-06-01

    ; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.WordSection1 {page:WordSection1;} -->

    Resumo

    Compreender as variáveis utilizadas pelos consumidores no uso de um sistema de entrega de serviços (SES é o foco central da presente pesquisa, a qual analisou cinco diferentes variáveis antecedentes – risco percebido, controle, conveniência, link social e propensão ao uso de tecnologia – do uso do SES junto a 186 clientes de companhias aéreas. Foi testado um modelo integrando essas diferentes variáveis em relação ao uso de dois canais de compra de passagens aéreas: SES-Interpessoal e SES-Internet. Os resultados apontam para um impacto direto de variáveis baseadas em atitudes – link social e propensão ao uso de tecnologia – sobre o uso do SES, demonstrando igualmente efeitos influenciadores indiretos das demais variáveis, baseadas em atributos – conveniência, controle e risco percebido –.

  10. Relación entre condiciones habitacionales y mortalidad infantil en la provincia del Chaco (argentina. Determinación de diferentes escenarios posibles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca Elizabeth Ponce

    2012-01-01

    Full Text Available Las condiciones de la vivienda han sido reconocidas como una de las principales determinantes sociales de la salud humana. Las deficiencias en la vivienda y el saneamiento constituyen un determinante reiterado del exceso de mortalidad y una característica sistemáticamente vinculada a los niveles de pobreza, el rezago socioeconómico y la inequidad territorial en América Latina y el Caribe. El presente trabajo tiene como objetivo obtener una clasificación de las áreas programáticas de la provincia del Chaco en función de sus características habitacionales y niveles de mortalidad infantil; mediante el análisis de componentes principales y el análisis de cluster. La provincia del Chaco, se sitúa en el nordeste de la República Argentina e integra la región del Norte Grande Argentino. Geopolíticamente pertenece a un área periférica, con una débil y estacionaria economía, ubicándose entre las provincias más deficitarias.

  11. MORTALIDAD POR ABORTO EN CHILE: ANALISIS EPIDEMIOLOGICO 1985-2000

    OpenAIRE

    Szot M,Jorge; Moreno W,Cristina

    2003-01-01

    El aborto, por su contribución a la mortalidad materna, ha sido tradicionalmente un problema de salud pública en América Latina y en Chile. En la actualidad, si bien es cierto la mortalidad por esta causa ha disminuido, la cantidad de abortos realizados permanece alta. Por este motivo, se ha querido efectuar una caracterización desde la perspectiva epidemiológica de la mortalidad por aborto ocurrido en Chile entre 1985 y 2000. Los resultados confirman la baja en la mortalidad durante el perío...

  12. Epidemiología y determinantes sociales asociados a la obesidad y la diabetes tipo 2 en México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Moreno-Altamirano

    2014-07-01

    Full Text Available La diabetes y la obesidad como problemas de salud pública en México son analizados a la luz de su magnitud y distribución en el contexto de algunos de sus determinantes sociales: alimentación, sedentarismo y distribución del ingreso. Se presentan aspectos generales sobre estas enfermedades y su comportamiento epidemiológico en México. Se revisa el papel de la alimentación como determinante social fundamental para la presencia de la diabetes tipo 2 y obesidad. Asimismo, se argumenta sobre la importancia de la actividad física para su prevención y control. Se destaca el papel de la distribución de grasa corporal y la obesidad como producto de la transición alimentaria. Finalmente se expresan algunas recomendaciones que podrían contribuir a fortalecer las estrategias propuestas para disminuir su frecuencia, la mortalidad y las complicaciones de estas enfermedades.

  13. Análise de tendência da mortalidade por doenças do aparelho circulatório no Rio Grande do Sul, 1998 a 2012
    Trend analysis of mortality from circulatory diseases in Rio Grande do Sul, 1998 to 2012

    OpenAIRE

    Juvenal Soares Dias da Costa; Carine Fröhlich; Cássio Zottis Grapiglia; Heloisa Marquardt Leite; Tissiani Morimoto

    2016-01-01

    Introdução: As doenças do aparelho circulatório têm-se constituído nas principais causas de morte em todo o mundo. Objetivo: avaliar as tendências à mortalidade pelas Doenças do Aparelho Circulatório entre 1998 a 2012, no Rio Grande do Sul (RS). Métodos: estudo ecológico, exploratório com coleta de dados secundários sobre mortalidade por doenças do aparelho circulatório. Os dados são provenientes do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), de domínio público e acesso irrestrito pela int...

  14. Saúde Ambiental e Atenção Primária à Saúde nos microterritórios: a taxa de mortalidade infantil para subsidiar a atuação da equipe de saúde Salud Ambiental y Atención Primaria de Salud en los microterritorios: la tasa de mortalidad infantil para orientar los trabajos del equipo de salud Environmental Health and Primary Health Care in micro-territories: the infant mortality rate as a guide for the healthcare team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Borsarelli Carvalho de Brito

    2013-06-01

    Full Text Available Nos últimos 20 anos, o Sistema Único de Saúde no Brasil vem avançando no aprimoramento da atenção primaria e da vigilância em saúde ambiental. No País, também, melhorou a cobertura do saneamento básico. Mas existem iniquidades macrorregionais e são escassas as informações sobre os microterritórios, onde as ações básicas de saúde se concretizam. Descrever a influência das coberturas do sistema de abastecimento de água (SAA, esgotamento sanitário (ES e coleta de resíduos sólidos domiciliares (CRSD na taxa mortalidade infantil (TMI nas áreas de abrangência das unidades básicas de saúde (UBS do Distrito de Saúde Noroeste de Campinas-SP. Foi conduzido estudo ecológico com dados secundários referentes a 2000. As coberturas nas oito UBS: do SAA variou entre 96,3 %, de Valença, e 99,9 % de Integração; de ES entre 67 %, de Ipaussurama e 99,8 % de Integração; da CRSD entre 95,8 % de Florence e 99,9 % de Perseu e Integração. A TMI variou entre 5,5 ‰, na UBS Perseu e 22,9 ‰ Floresta. Observou-se que existe relação inversa, quanto maior a cobertura do SAA (R2=0,73, de ES (R2=0,78 e da CRSD (R2= 0,95 menor a TMI nas UBS. Além de outros fatores, o saneamento básico determina o processo saúde doença da população e conforme os achados, existem iniquidades também nos microterritórios de abrangência das UBS que devem ser consideradas pelos gestores e profissionais de saúde, principalmente, da atenção primária na pactuação das prioridades, ações e metas para atenção integral e vigilância em saúde e atuação intersetorial.En los últimos 20 años, el Sistema Único de Salud en el Brasil ha mejorado la atención primaria de salud y la vigilancia de la salud ambiental. En Brasil, mejoró también la cobertura de saneamiento básico. Existen desigualdades macrorregionales y poca información sobre los microterritorios donde se llevan a cabo las acciones de la atención primaria. Se pretende describir la

  15. Risco cardiovascular, efetividade e mortalidade Cardiovascular risk, effectiveness and mortality Riesgo cardiovascular, efectividad y mortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Gérvas

    2012-02-01

    Full Text Available

    A Lei de Ferro da Epidemiologia (Ley de Hierro de La Epidemiología diz que todos que nascem, morrem. Por isso, o propósito da Medicina não é evitar a morte por si só, mas evitar as mortes, as doenças e o sofrimento que podem ser medicamente evitáveis.

    No final, todos nossos pacientes morrerão – e nós também, obviamente, morreremos. “Os corpos encontram uma forma de morrer”, e se a causa não for por fome ou desidratação, por motivo congênito e infeccioso, por lesões, câncer ou suicídio, temos que esperar que seja por ‘motivo cardiovascular’, doença pulmonar, insuficiência renal ou hepática, demência ou outras doenças degenerativas. Mas temos que morrer por alguma coisa.

    Morrer por causa cardiovascular não é desonroso, nem refere-se à atenção clínica imperfeita. O fato de a primeira causa de morte ser a cardiovascular não tem nenhuma relação com os cuidados clínicos e nem deveria assustar.

    Entretanto, muitas das mortes por motivo cardiovascular poderiam ser evitadas. Assim, poder-se-ia evitar mortalidade cardiovascular, diminuindo a desigualdade social, por exemplo, com melhor redistribuição da riqueza, melhor educação etc. Os médicos sabem que os fatores adversos psicossociais associados ao fato de pertencer à classe baixa correspondem a 35% do risco atribuído à hipertensão na incidência do infarto do miocárdio (em outra hipótese, pertencer à classe baixa duplica 2,7 tal risco1.

    Também deve-se saber que, contra as mortes cardiovasculares, não há nada como as políticas de saúde pública quanto ao tabagismo (restrições dos lugares onde fumar, aumento do preço do tabaco, campanhas de informação, entre outras.

    Na parte clínica, as mortes cardiovasculares evitáveis devem ser vistas em perspectiva, de acordo com o que seja possível conseguir2. Portanto, por 100.000 habitantes ao ano, o tratamento com inibidores da enzima conversora de angiotensina (IECA

  16. Comparação entre dois métodos para investigação da mortalidade materna em município do Sudeste brasileiro Comparison of two methods for the investigation of maternal mortality in a municipality of the Brazilian Southeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacinta Pereira Matias

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a mortalidade materna declarada pelo Sistema Nacional de Informação sobre Mortalidade (SIM com a investigação pela pesquisa de óbitos de mulheres em idade reprodutiva (RAMOS, de 10 a 49 anos; identificar a subnotificação e investigar as causas de morte materna (MM no período de 1999 a 2006. MÉTODOS: série temporal e de base populacional a partir das informações das declarações de óbito (DO, fornecidas em banco de dados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE e com as causas de morte codificadas pela Classificação Internacional de Doenças (CID, décima revisão e o número de nascidos vivos (NV. Os óbitos foram categorizados em MM declarada, presumível e não-materna. A identificação dos casos foi feita a partir de listagem com a data de nascimento e de óbito no velório municipal, e as informações complementares ao estudo foram obtidas no Setor de Vigilância Epidemiológica do Comitê Municipal de Investigação da MM (CMIMM. Foram levantadas informações sobre MM contidas no SIM. Nos casos de MM declaradas e não-declaradas, foi identificado o percentual de subnotificação; foram calculadas as razões de mortalidade materna (RMM oficial e corrigida e o fator de ajuste para o período, e as causas de MM foram revisadas e classificadas. RESULTADOS: foram identificadas 12 MM, sendo seis declaradas e seis não-declaradas. A subnotificação foi de 50%, o que correspondeu a um fator de ajuste igual a dois. A RMM oficial foi 14,7 e a corrigida de 29,4 mortes por 100.000 NV. As causas básicas foram mal atribuídas na maioria dos casos. As causas obstétricas diretas foram mais prevalentes, dentre elas a eclâmpsia e a síndrome HELLP, seguida por infecções. CONCLUSÕES: são necessárias medidas políticas e administrativas para a efetiva atividade dos Comitês de Investigação das MM. A prevalência de causas obstétricas diretas é indicativa de falhas na assistência materna e

  17. Determinantes do desenvolvimento do setor agropecuário nos municípios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio César de Medeiros Costa

    2013-06-01

    Full Text Available Dada a importância do setor agropecuário para a economia brasileira, é fundamental conhecer os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário em seus municípios. Sob a luz de referencial teórico que aborda questões relacionadas aos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e do desenvolvimento econômico local, neste estudo fez-se uso das metodologias de análise multivariada conhecidas como análise fatorial e análise de cluster. Utilizou-se o estado de Minas Gerais como recorte analítico. Foram selecionadas 22 variáveis para cada município, representando diferentes dimensões do desenvolvimento, visando verificar quais os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário. Após a análise fatorial, optou-se pela extração de seis fatores com raiz característica maior do que um e que respondem, em conjunto, por 62,25% da variância total dos dados: desenvolvimento econômico, investimento público, qualidade de vida, condições da atividade agropecuária, condições de meio ambiente e consumo, e condições de financiamento. Pela análise de cluster, foram criados cinco grupos, de acordo com o desempenho dos membros nos fatores. Os resultados corroboram os apontamentos literários em quase sua totalidade e, além disso, destaca-se e discute-se a existência de um ciclo positivo gerado pelo incremento dos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e pelas vantagens competitivas. Neste estudo, aponta-se a importância do investimento público na promoção do desenvolvimento, reforçando o proposto por trabalhos anteriores de que o Estado desempenha papel fundamental para garantir condições que propiciem o desenvolvimento do setor agropecuário. Outra constatação factível é a de que fatores isolados, tais como as boas condições da agricultura e do meio ambiente, não são capazes de propiciar desenvolvimento para o setor nos municípios mineiros.

  18. Diferenças no padrão de ocorrência da mortalidade neonatal e pós-neonatal no Município de Goiânia, Brasil, 1992-1996: análise espacial para identificação das áreas de risco Differential patterns of neonatal and post-neonatal mortality rates in Goiânia, Brazil, 1992-1996: use of spatial analysis to identify high-risk areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otaliba Libânio de Morais Neto

    2001-10-01

    Full Text Available Este artigo refere-se à pesquisa acerca do padrão espacial dos componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil em Goiânia, no Estado de Goiás, Brasil. A população do estudo foi a coorte de 101 mil nascidos vivos, residentes em Goiânia, de 1992 a 1996. As probabilidades de morte infantil foram estimadas mediante o cotejo dos arquivos de óbitos e de nascidos vivos. Para minimizar as flutuações aleatórias das taxas, empregou-se o método Bayesiano empírico. A unidade de análise do padrão espacial foi constituída pelos 65 distritos urbanos de planejamento. Para análise de autocorrelação espacial foram utilizados: Moran "global", Moran local e estatística Gi* local. Os componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil evidenciaram autocorrelação espacial estatisticamente significativa. No período pós-neonatal, os distritos de risco concentram-se nas regiões periféricas do município. No período neonatal, o padrão de ocorrência é heterogêneo, havendo distritos de alto risco distribuídos em todas as regiões, inclusive na região Central de Goiânia.The aim of this study was to investigate the spatial pattern of neonatal and post-neonatal mortality in the city of Goiânia, Central Brazil. Analyses were based on linked birth and death certificates relating to 101,000 in-hospital live births from mothers residing in the city of Goiânia over the 1992-1996 period. Overall neonatal and post-neonatal mortality probabilities were calculated using the linked database. The empirical Bayes method was applied to smooth the estimated rates and minimize random fluctuation. Spatial units of analysis were 65 urban districts, corresponding to the urban planning sectors. The following exploratory spatial analyses were applied: "global" Moran's I statistic, local Moran LISA map, and Gi* local statistics. For both neonatal and post-neonatal mortality there was statistically significant spatial autocorrelation

  19. Alguns aspectos epidemiológicos da mortalidade por acidentes de trânsito de veículo a motor na Cidade de São Paulo, Brasil Mortality by motor vehicles traffic accidents in the city of. S. Paulo, Brazil: some epidemiological aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1972-12-01

    Full Text Available Foram estudadas algumas características dos óbitos por acidentes de trânsito de veículos a motor, no município de São Paulo, ocorridos entre 1.° de janeiro a 31 de dezembro de 1970. Todas as características do falecido e do acidente foram coletadas a partir dos dados registrados nos laudos de necrópsias existentes no Instituto Médico Legal. O estudo evidenciou que a mortalidade por acidentes de veículo a motor é alta, maior no sexo masculino, aumenta com a idade, sendo que o maior coeficiente foi para maiores de 60 anos. A zona da cidade com maior número de acidentes é a zona Sul, existindo áreas (distritos policiais e vias públicas preferenciais quanto a ocorrência, em todas as 4 zonas do município; a maior ocorrência de acidentes foi aos sábados e domingos; os pedestres compreendem a grande maioria dos falecidos; proporção apreciável dos falecidos recebeu atendimento hospitalar após o acidente. Foram relacionados também o número total de acidentes, vítimas e mortes mostrando que para cada 100 acidentes ocorreram 62,50 vítimas e 5,13 mortes, e para cada 100 vítimas, 18, 22 mortes.With data taken from the post-mortem records of the Office of the Medical Legal Examiner, the authors have studied some characteristics of death in motor vehicles traffic accidents in the city of São Paulo, Brazil during the period of January 1 till December 31, 1970. The study shows that there is a high mortality; it varies with sex and age, being higher among males and with the highest rates among those over 60's. Traffic accidents generally occur in the major thoroughfares but its incidence is higher in the South part of the city and mainly on Saturdays and Sundays. A reasonable proportion of the deceaseds mainly pedestrians, was attended at a hospital. The total number of accidents, victims and deaths showing that for each 100 accidents there were 62,50 victims and 5,13 deaths and for each 100 victims, 8,22 deaths.

  20. Introducao e expansao da Leishmaniose visceral americana em humanos no estado de Sao Paulo, 1999-2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Furtado Mozini Cardim

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a expansão da ocorrência de leishmaniose visceral americana em humanos e identificar localidades prioritárias para o desenvolvimento de ações de vigilância e controle. MÉTODOS : A área de estudo constituiu-se dos 316 municípios do estado de São Paulo pertencentes às cinco regiões de saúde com ocorrência da leishmaniose visceral americana em humanos, utilizando os casos autóctones e óbitos, com ano de notificação e município de ocorrência. Calcularam-se taxas de incidência e de mortalidade e letalidade por município, por região e para a área de estudo. Utilizaram-se o estimador bayesiano empírico para obtenção de taxas de incidência e de mortalidade bayesianas locais para cada município e a krigagem para visualização da distribuição espacial das temperaturas e das precipitações pluviométricas. RESULTADOS : Foram detectados 73 municípios com transmissão da doença. As primeiras ocorrências deram-se em áreas com maiores temperaturas e menores pluviosidades, mas sua disseminação também ocorreu em áreas menos quentes e mais úmidas. A expansão da leishmaniose visceral americana em humanos apresentou um eixo principal de disseminação no sentido noroeste para sudeste, acompanhando a rodovia Marechal Rondon e o gasoduto Bolívia-Brasil, e um eixo secundário, na direção norte-sul, acompanhando a malha rodoviária. As taxas de incidência, segundo regiões de saúde, apresentaram um pico seguido de queda, com exceção da região de São José do Rio Preto. Observou-se maior concentração de municípios com altas taxas de incidência e mortalidade nas regiões de saúde de Araçatuba, Presidente Prudente e Marília. CONCLUSÕES : Possíveis fatores determinantes da expansão da doença incluíram a rodovia Marechal Rondon e a construção do gasoduto Bolívia-Brasil. Fatores climáticos pareceram não ter papel determinante nessa expansão. O uso de técnicas de análise espacial

  1. Mortalidade por doenças cardiovasculares no Brasil e na região metropolitana de São Paulo: atualização 2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio de Padua Mansur

    2012-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças cardiovasculares (DCV são as principais causas de morte na população brasileira. Observou-se redução progressiva da mortalidade por tais doenças até o ano de 2005. OBJETIVO: Atualizar as tendências da mortalidade das DCV no Brasil e na região metropolitana de São Paulo (RMSP de 1990 a 2009. MÉTODOS: Dados populacionais e de mortalidade foram obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e do Ministério da Saúde. O risco de morte foi ajustado pelo método direto, tendo como referência a população mundial de 2000. RESULTADOS: Observou-se progressiva redução do risco de morte por doenças isquêmicas do coração (DIC e por doenças cerebrovasculares (DCbV no Brasil e na RMSP. De 1990 a 2009, constatou-se redução da mortalidade por DIC e DCbV em mulheres e homens no Brasil e na RMSP. Observou-se maior redução da mortalidade por DIC nos homens na RMSP do que no Brasil (36,24% vs. 23,35%; p < 0,001 e nas mulheres na RMSP (44,55% vs. 29,5%; p < 0,001. Foi registrada maior redução da mortalidade por DCbV nos homens na RMSP que no Brasil (42,43% vs. 34,9%; p = 0,036 e igual redução nas mulheres na RMSP e no Brasil (42,98% vs. 36,15%; p = 0,082. A redução da mortalidade foi significativa para todas as faixas etárias analisadas. CONCLUSÃO: Observamos uma progressiva redução na mortalidade por DCV, DIC e DCbV no Brasil e na RMSP. Apesar dessa redução, ainda apresentamos taxas elevadas de morte por tais doenças.

  2. Adequacy of prenatal care as a major determinant of folic acid, iron, and vitamin intake during pregnancy Adequação dos cuidados pré-natais como determinante da utilização de ácido fólico, ferro e vitaminas durante a gravidez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nuno Lunet

    2008-05-01

    é-natais (adequado vs. inadequado: ácido fólico, RR = 2,28; IC95%: 1,58-3,29; ferro, RR = 1,99; IC95%: 1,57-2,52; multivitaminas, RR = 1,97; IC95%: 1,54-2,51. O elevado nível de escolaridade associou-se ao uso de ácido fólico (RR = 1,42; IC95%: 1,18-1,70, mas não de multivitaminas (RR = 0,87; IC95%: 0,77-0,98. A utilização de ácido fólico foi menos prevalente em mulheres que viviam sozinhas (RR = 0,67; IC95%: 0,48-0,95 e cuja gravidez não foi planeada (RR = 0,81; IC95%: 0,71-0,92. A adequação dos cuidados pré-natais é um determinante importante da utilização de vitaminas/minerais durante a gravidez.

  3. Determinantes do spread bancário ex post no mercado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alves Dantas

    2012-08-01

    Full Text Available A rentabilidade dos bancos é geralmente considerada um fator relevante para garantir a solidez do sistema financeiro, reduzindo os riscos associados aos eventos de insolvência nesse setor. No Brasil, porém, tem havido discussões quanto aos lucros das instituições financeiras que atuam no país, centradas no argumento de que tais lucros seriam supostamente muito elevados, onerando demasiadamente o setor produtivo. Por isso, diversos estudos têm avaliado a estrutura, a evolução e os determinantes do spread bancário, que é considerada a principal variável responsável pelos lucros supostamente anormais. Do ponto de vista metodológico, essas pesquisas têm se concentrado em investigar o spread ex ante das operações com recursos livres e têm utilizado fatores macroeconômicos como variáveis independentes. Este estudo busca identificar variáveis determinantes do spread bancário ex post, privilegiando variáveis explanatórias específicas das instituições, vale dizer, microeconômicas. Na literatura sobre determinantes do spread bancário ex post no Brasil, foi identificado apenas um trabalho anterior, o qual apresentou resultados pouco representativos, devido a um problema de micronumerosidade. Para evitar tal problema, este estudo utiliza dados dos balancetes de janeiro/2000 a outubro/2009 de instituições bancárias com carteira de crédito ativa. Utilizando um modelo de regressão com dados em painel dinâmico, são testadas nove hipóteses, constatando-se que o nível de spread ex post tem relação significativa e: 1. Positiva com o risco de crédito da carteira, com o grau de concentração do mercado de crédito e com o nível de atividade da economia; 2. negativa com a participação relativa da instituição no mercado de crédito. Por outro lado, não foram encontradas relações estatisticamente relevantes entre o spread ex post e: o nível de cobertura das despesas administrativas pelas receitas de prestações de

  4. Determinantes del éxito gerencial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Toro Alvarez

    1996-01-01

    Full Text Available Este estudio se realizó con el propósito de identificar diversas condiciones personales determinantes del éxito de 120 gerentes de sucursales de una organización del sector financiero. Se partió del concepto de Lawler ID acerca de que el desempeño laboral se encuentra determinado y regulado por los conocimientos, las habilidades y la motivación para el trabajo. Se formularon tres indicadores objetivos de éxito: colocación, captación y rentabilidad de la oficina. Como variables independientes se midieron los conocimientos específicos para el cargo, habilidades intelectuales relevantes, factores motivacionales y factores de personalidad. Se realizaron análisis de varianza, de significación de diferencias y de regresión múltiple. Los resultados mostraron que los conocimientos institucionales, una motivación de poder algo más baja, el interés por la promoción, parmia y mucha tensión érgica explicaban el 26% del éxito gerencial.

  5. Mortalidad infantil en Cuba 1959-1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl Riverón Corteguera

    2001-09-01

    Full Text Available De 1959 a 1999, con los datos estadísticos disponibles, la mortalidad infantil en Cuba disminuyó en 81,3 %, la mortalidad neonatal precoz se redujo el 73,4 %, la mortalidad neonatal tardía el 83,6 % y la posneonatal en 86,0 %. Las reducciones obtenidas en el período se distribuyeron uniformemente entre todas las provincias, aunque la mayor disminución se produjo en las provincias centrales y occidentales. Los rubros que más disminuyeron sus tasas fueron: enteritis y otras enfermedades diarreicas, infecciones respiratorias agudas, afecciones perinatales en general y las meningitis, aunque todas las causas reducen la mortalidad en el período. La natalidad descendió el 51,3 %, la fecundidad lo hizo en 30 %, el crecimiento demográfico bruto de la población disminuyó el 59,8 %, el parto institucional aumentó en 65,9 %, el bajo peso al nacer descendió el 36,9 %, la mortalidad perinatal se redujo el 67,2 %, los nacidos vivos disminuyeron el 21,1 % y la supervivencia infantil a los 5 años aumentó el 3,8 %. Esto ha sido posible debido principalmente a la decisión política de priorizar el sector de la salud y muy especialmente la salud maternoinfantil adoptada por nuestro Estado a principios de la década de los 60, lo que permitió alcanzar avances en la organización, calidad de la atención y una amplia cobertura de los servicios de salud. También fueron elementos importantes, el mejoramiento del nivel de vida y de la educación alcanzados por la población, las mejoras logradas en la situación sanitaria y epidemiológica, la distribución equitativa de los alimentos que prioriza a la madre y al niño. Un elemento fundamental en la última década ha sido el desarrollo del "médico de la familia" en la atención primaria y el mejoramiento de la atención hospitalaria. Por otra parte han contribuido de manera notable el establecimiento del Programa Nacional de Atención Maternoinfantil, que abarca las inmunizaciones, el control de las

  6. MORTALIDADE PERINATAL EM GESTANTES DE ALTO RISCO EM UM HOSPITAL TERCIÁRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Alves Ferreira Silva

    2014-03-01

    Full Text Available Introdução: A mortalidade perinatal, é um importante indicador de qualidade da atenção médica à gestante e ao recém-nascido. Esse estudo teve como objetivo identificar possíveis causas de mortalidade perinatal em gestantes de alto risco em um hospital terciário de Porto Velho, Rondônia. Metodologia: Realizou-se um estudo transversal descritivo de julho a dezembro de 2010, sendo a amostra composta por 48 gestantes considerando período gestacional de 22 semanas ou mais. Os dados secundários foram coletados de prontuários. Foram analisadas as seguintes variáveis: tipo e evolução do parto, indicadores obstétricos e evolução clínica dos recém-nascidos. Resultados: A taxa de mortalidade perinatal foi de 35,68/1000. A maioria dos partos ocorreu em ambiente hospitalar. 28 (60,9% partos ocorreram por via vaginal, a faixa etária variou entre 15 e 43 anos. Em relação à duração da gestação, 36,2% das gestantes se encontravam entre 32 a 37 semanas. Quanto às consultas pré-natais, a maiorias das gestantes realizaram entre 3 e 4 consultas, 42,3%. Os diagnósticos maternos mais comuns foram infecção urinária (22,9% e trabalho de parto prematuro (22,9%. Em relação ao diagnóstico dos produtos, 47,9% eram natimortos e 20,8% apresentaram mal formação congênita. Conclusão: A taxa de mortalidade perinatal é elevada quando comparada com instituições similares. Infecção urinária e parto prematuro foram às causas mais frequentes de mortalidade perinatal, seguidas por eclampsia e coriamnionite.

  7. A mortalidade neonatal em 1998, no município de Botucatu - SP La mortalidad neonatal en 1998, en el município de Botucatu-SP The neonatal mortality in 1998 at the municipality of Botucatu-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Poles

    2000-07-01

    Full Text Available Considerando que a mortalidade neonatal é indicador da qualidade da assistência prestada à gestante, ao parto e ao recém-nascido, realizamos o presente trabalho, cujo objetivo foi identificar as causas e o índice de mortalidade neonatal durante o ano de 1998 em Botucatu-SP. O coeficiente de mortalidade neonatal obtido foi de 8,3/1000 nascidos vivos e o coeficiente de mortalidade neonatal precoce foi de 7,3/1000 nascidos vivos, confirmando a importância dos óbitos na primeira semana de vida. Aproximadamente três quartos dos óbitos puderam ser classificados como reduzíveis por diagnóstico e tratamento precoces, reduzíveis por adequada atenção ao parto ou parcialmente reduzíveis por adequado controle da gravidez, evidenciando que para se reduzir os índices de morte neonatal, deveremos investir na melhoria da qualidade da assistência prestada à gestante, à parturiente e ao neonato.Considerando que la mortalidad neonatal es un indicador de la calidad de la asistencia ofrecida en la gestación, al parto y al recién- nacido, realizamos el presente trabajo, con el objetivo de estudiar la mortalidad neonatal durante el año de 1998 en Botucatu-SP. El coeficiente de mortalidad neonatal encontrado fue 8,3/1000 nacidos vivos y el coeficiente de mortalidad neonatal precoz fue de 7,3/1000 nacidos vivos, confirmando la importancia de las defunciones en la primera semana de vida. Los resultados mostraron que aproximadamente tres cuartos de las defunciones pueden ser reducidas con el control del embarazo, con el diagnóstico y tratamiento precoz o con la adecuada atención al parto, evidenciando que para reducir los índices de mortalidad neonatal, deberemos invertir en la mejoría de la calidad de la asistencia ofrecida en la gestación, en el parto y al recién-nacido.Considering that neonatal mortality is an indicator of the quality of the care provided to pregnant women, at childbirth as well as to the new born, authors developed the

  8. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Márcia Furquim de

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.

  9. The use of perioperative serial blood lactate levels, the APACHE II and the postoperative MELD as predictors of early mortality after liver transplantation O uso da dosagem seriada do lactato sérico no perioperatório, do APACHE II e do MELD pós-operatório como preditores de mortalidade precoce após transplante hepático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anibal Basile-Filho

    2011-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the accuracy of different parameters in predicting early (one-month mortality of patients submitted to orthotopic liver transplantation (OLT. METHODS: This is a retrospective study of forty-four patients (38 males and 10 females, mean age of 52.2 ± 8.9 years admitted to the Intensive Care Unit of a tertiary hospital. Serial lactate blood levels, APACHE II, MELD post-OLT, creatinine, bilirubin and INR parameters were analyzed by receiver-operator characteristic (ROC curves as evidenced by the area under the curve (AUC. The level of significance was set at 0.05. RESULTS: The mortality of OLT patients within one month was 17.3%. Differences in blood lactate levels became statistically significant between survivors and nonsurvivors at the end of the surgery (pOBJETIVO: Avaliar qual parâmetro é o mais eficiente na predição de mortalidade precoce (um mês de pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado (OLT. MÉTODOS: Estudo retrospectivo em cinqüenta e oito pacientes adultos (44 homens e 14 mulheres, com uma idade média de 51,7 ± 10,1 anos admitidos na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital terciário. Os parâmetros como a dosagem seriada de lactato no sangue, APACHE II, MELD pós-OLT, creatinina, bilirrubina e INR foram analisados por curvas ROC (Receiver-operator characteristic, evidenciado pela área abaixo da curva (AUC. O nível de significância foi definido em 0,05. RESULTADOS: A mortalidade dos pacientes OLT em até um mês foi de 17,3%. As diferenças no nível de lactato no sangue tornaram-se estatisticamente significantes entre sobreviventes e não sobreviventes no final da cirurgia (p < 0,05. A AUC foi de 0,726 (95%CI = 0,593-0,835 para APACHE II (p = 0,02; 0,770 (95%CI = 0,596-0,849 para o lactato sérico (L7-L8 (p = 0,03; 0,814 (95%CI = 0,690-0,904 para MELD post-OLT (p < 0,01; 0,550 (95%CI = 0,414-0,651 de creatinina (p = 0,64; 0,705 (95%CI = 0,571-0,818 de bilirrubina (p = 0,05 e 0

  10. Mortalidade por neoplasia maligna do fígado e vias biliares intra-hepáticas no Brasil, 1980-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Rodrigues de Amorim

    2013-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a tendência da mortalidade por neoplasia maligna do fígado e das vias biliares intra-hepáticas no Brasil, entre 1980 e 2010. Trata-se de um estudo de séries temporais com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade. Coeficientes de mortalidade brutos, padronizados, específicos por idade, região de residência e sexo foram calculados e as tendências analisadas utilizando-se modelos de regressão polinomial. Tendência crescente da mortalidade foi observada no Brasil, para ambos os sexos. O coeficiente médio de mortalidade para o país foi de 3,59 óbitos por 100 mil habitantes com aumento linear anual de 0,020 (R² = 0,588; p < 0,001, sendo para o sexo masculino de 4,20 óbitos por 100 mil homens, com aumento linear de 0,044 (R² = 0,81; p < 0,001 ao ano e, para o sexo feminino, de 2,98 por 100 mil mulheres, com aumento de 0,0194 (R² = 0,35; p = 0,008 ao ano. Discutem-se possíveis causas desse aumento bem como vieses de informação.

  11. Factores asociados a la mortalidad en la población mexicana con SIDA en contraste con otras poblaciones humanas. Revisión sistemática y meta-análisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Beatriz Pertuz-Belloso

    2016-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo es determinar los factores que pueden estar asociados a la mortalidad de pacientes con SIDA en un estudio meta-analítico del 2010-2014 en el cual se revisó la literatura existente sobre SIDA y las causas de mortalidad en la base de datos del NCBI. Los datos, integrados en una matriz, fueron procesados estadísticamente siguiendo los estándares del meta-análisis en el programa Open-Epi versión 3.03. Los resultados muestran que las enfermedades secundarias, tales como tuberculosis (tasa: 0.1, toxoplasmosis (tasa: 1 y Síndrome de Kaposi (tasa: 1 siguen ocupando un lugar importante entre los factores de mortalidad de la población con SIDA a nivel global. No obstante, los datos muestran también que el mayor problema que presenta la población con SIDA es la creciente resistencia a los antirretrovirales (tasa: 10. Los polimorfismos de los receptores que intervienen en la respuesta inmunológica en la mortalidad de las poblaciones con SIDA (tasa: 0.01 tienen un bajo impacto. En México, la tasa de mortalidad de esta población es alta (tasa: 4.5 y muy similar a otros países de Latinoamérica (tasa: 3.5. Entre los determinantes de estas tasas de mortalidad en la población mexicana con SIDA podrían estar la baja restauración inmunológica y la mala respuesta a los antirretrovirales.

  12. Atividade do acaricida etoxazol sobre a mortalidade e reprodução do ácaro-da-leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, em citros Activity of the etoxazole acaricide on the mortality and reproduction of the citrus leprosis mite Brevipalpus Phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, in citrus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Juari Celoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade do acaricida etoxazol, no controle e reprodução do ácaro B. phoenicis. Para tanto, foram demarcadas com cola adesiva arenas de cinco centímetros de diâmetro em frutos de citros com alta infestação do ácaro. O ensaio foi delineado em parcelas inteiramente casualizadas, com oito tratamentos e quatro repetições. Em cada arena foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos. Os tratamentos constaram dos seguintes acaricidas e doses em g i.a./100 L de água: etoxazol 110 SC (1,1; 1,65; 2,75 e 5,5; hexitiazoxi 500 PM (0,75; flufenoxuron 100 CE (3; cihexatina 500 PM (25, aplicados diretamente sobre as arenas. Os frutos foram mantidos em câmara de germinação tipo BOD. com temperatura de 25 ± 2 ºC e fotofase de 12 horas. Diariamente, foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos, com auxílio de microscópio esteroscópio. Os parâmetros avaliados foram a atividade ovicida, esterilização de fêmeas e efeito sobre formas jovens. Constatou-se que o etoxazol provocou mortalidade de formas jovens do ácaro-da-leprose superior a 95%, nas doses a partir de 1,1 g i.a. /100 L de água. Ovos tratados com etoxazol, nas doses a partir de 1,65 g i.a. /100 L de água, apresentaram inviabilidade média de 60%. O etoxazol apresentou efeito esterilizante sobre fêmeas nas doses a partir de 2,75 g i.a./100 L de água, inviabilizando 95% dos ovos.The objective of this work was to evaluate the activity of the etoxazole acaricide, on the mortality and reproduction of the citrus leprosies mite, B. phoenicis. A five centimeter diameter arena were demarcated with adhesive glue, in citrus fruits with high infestation of the mite. The design was entirely randomized plots with eight treatments and four replications. In each arena were counted the number of adults, young and eggs of B. phoenicis. The treatments consisted the following acaricides and doses in g a.i./100 L of water: etoxazole

  13. Mortalidade em idosos por diabetes mellitus como causa básica e associada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Medina Coeli

    2002-04-01

    Full Text Available OBJETIVO:Analisar a mortalidade por diabetes mellitus em idosos e a subenumeração do diabetes como causa do óbito de acordo com estatísticas baseadas unicamente em causa básica de óbito. MÉTODOS:Foram revisadas todas as 2.974 declarações de óbito ocorridas em 1994 de idosos residentes em um núcleo habitacional localizado na cidade do Rio de Janeiro, RJ. Destas, foram estudados 291 óbitos, tendo o diabetes mellitus como causa básica (150 e associada (141. A proporção de óbitos em que a diabetes aparece como causa básica em relação ao total de óbitos por diabetes foi calculada de forma global e segundo sexo e faixa etária. RESULTADOS:Dos 291 óbitos estudados, 138 (47,4% ocorreram em homens, e 153, em mulheres (52,6%. As taxas de mortalidade apresentaram crescimento contínuo com o avançar da idade, sendo superiores no sexo masculino, embora a diferença entre sexos tenha sido menor para a análise baseada unicamente na causa básica. Observou-se proporção elevada de óbitos domiciliares (22%. A proporção de óbitos por diabetes como causa básica foi de 51,5%, sendo maior nas mulheres do que nos homens. CONCLUSÕES:A análise das estatísticas de mortalidade baseadas unicamente na causa básica do óbito pode levar a perfis distorcidos, em função da subenumeração não ocorrer aleatoriamente. Estudos adicionais em coortes de idosos brasileiros diabéticos são necessários para permitir uma avaliação mais acurada da mortalidade nesse grupo.

  14. Um modelo de quatro quadrantes para a determinação da oferta e da demanda de internações hospitalares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Marinho

    2005-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um modelo geral para representar a oferta e a demanda de internações em hospitais, e avaliar os resultados da interação entre estas variáveis, e os seus determinantes, sobre a taxa de mortalidade hospitalar. Os exercícios desenvolvidos estão focalizados em variáveis disponíveis no Sistema Único de Saúde - SUS, com as quais são realizadas análises de estática comparativa, mas é aplicável a hospitais em geral.In this paper a particular model is developed and used to explain the outcome of hospital mortality rate and quantity of inpatient care in hospital care markets. The model focuses on the Brazilian National Health System (Sistema Único de Saúde - SUS but it may be helpful in portraying a broad range of health systems. The effects of movements in underlying factors that may cause shifts in both demand and supply are readily predictable.

  15. Impact of highly active antiretroviral therapy (HAART on the incidence of opportunistic infections, hospitalizations and mortality among children and adolescents living with HIV/AIDS in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil Impacto da terapia anti-retroviral de alta potência (HAART na incidência de infecções oportunistas, hospitalização e mortalidade associadas em crianças e adolescentes vivendo com HIV/AIDS em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talitah M. S. Candiani

    2007-01-01

    Full Text Available The impact of highly active antiretroviral therapy (HAART can be evaluated using indicators, such as rates of opportunistic infections, hospitalizations by cause of infection, and associated death. This study aimed to estimate the impact of HAART on the incidence of these indicators, in children and adolescents with HIV/AIDS. It was a hybrid cohort study; 371 patients were followed from 1989 to 2003. In December 2003, 76% of the patients were still being followed, while 12.1% had died, 9.5% had dropped out, and 2.4% had been transferred. The overall rate of opportunistic infections was 18.32 infections/100 persons-year and 2.63 in the pre- and post-HAART periods, respectively. In the multivariate analysis, the risk of developing an opportunistic infection was 5.4 times greater and 3.3 times greater for hospitalization risk before HAART. Respiratory causes represented 65% of the hospitalizations and they were reduced by 44.6% with therapeutic intervention. The average hospital stay of 15 days was reduced to 9.There was a post-HAART decline in deaths of 38%. This study demonstrates the effectiveness of HAART in significantly reducing opportunistic infections, hospitalizations, and deaths in this Brazilian cohort.O impacto da terapia anti-retroviral de alta potência ativa (HAART pode ser avaliado utilizando-se indicadores, como taxas de incidências de infecções oportunistas, hospitalizações por causas infecciosas e mortalidade associada. O objetivo deste trabalho foi estimar o impacto da HAART na incidência desses indicadores em crianças e adolescentes com HIV/AIDS. Trata-se de uma coorte híbrida, na qual foram acompanhados 371 pacientes no período de 1989-2003. Em dezembro de 2003, 76% dos pacientes permaneciam em acompanhamento, 12,1% faleceram, 9,5% foram perda de seguimento e 2,4% transferidos. A taxa de incidência global de infecções oportunistas foi de 18,32 infecções/100 pessoas-ano e 2,63 nos períodos pré e p

  16. Mortalidade materna na cidade de São Paulo de 1993 a 1995 Maternal mortality in São Paulo City from 1993 to 1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Krikor Boyaciyan

    1998-02-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram: determinar o coeficiente de mortalidade materna para o município de São Paulo, as patologias mais freqüentes que determinaram o óbito e a distribuição por faixas etárias. Foram revisados neste estudo retrospectivo 179.872 atestados de óbito de mulheres entre 10 e 49 anos de idade abrangendo no período de abril de 1993 a dezembro de 1995.Foram selecionados 761 atestados de óbito nos quais o estado gravídico era declarado ou presumido. A gravidez foi confirmada em 291 dos 761 casos e 53 destes estão ainda sob investigação. Os dados foram tabulados, agrupados e analisados considerando a idade e a causa da morte, de acordo com a 9ª Revisão do CID - Classificação Internacional de Doenças. Dos 291 casos positivos para associação com gravidez, 82 (28,17% não apresentaram nenhuma referência a este fato no atestado de óbito (subnotificação. Dos 291 óbitos, 183 (62,9% se deveram a causas diretas, sendo a hemorragia (47/183, a pré-eclâmpsia/eclâmpsia (46/183 e as complicações do aborto (43/183 as principais patologias. Em 79 casos a causa foi indireta, sendo a cardiopatia (33/79 a principal patologia determinante do óbito. A síndrome hipertensiva (pré-eclâmpsia/eclâmpsia e/ou hipertensão arterial crônica foi responsável por 19,93% das mortes. Este estudo possibilitou calcular o Coeficiente de Mortalidade Materna para o município de São Paulo: 50,24 por 100.000 nascidos vivos.The parpose of the present report was to determine the maternal mortality rate in São Paulo, the most frequent pathologies which caused death and the distribution of cases paccording to age. In thepresent retrospective study 179,872 death certificates from April 1993 to December 1995 of women from 10 to 49 years old. Were reviewed 761 death certificates were selected, in which the pregnancy state was either declared or presumed; pregnancy was confirmed in 291/761 cases and 53/761 cases are still under

  17. Determinantes dos investimentos diretos externos em países em desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo José Braga Nonnenberg

    2005-12-01

    Full Text Available Basicamente, os determinantes dos investimentos diretos externos (IDE podem ser relativos às firmas e a características dos países de origem - push factors - ou a fatores locacionais - pull factors. A maior parte da literatura teórica relativa a empresas multinacionais nos últimos quarenta anos, justamente por focar sua atenção nas empresas, enfatizou os fatores relacionados a vantagens das firmas, dando pouca importância aos fatores macroeconômicos. O objetivo desse trabalho é estimar, com base em dados em painel para 33 países para o período 1975-2000, os principais determinantes dos IDEs em direção aos países em desenvolvimento. Fatores como o tamanho e o ritmo de crescimento do produto, a qualificação da mão de obra, a receptividade em relação ao capital externo, o risco do país e o desempenho das bolsas de valores estão entre os principais determinantes de IDE. Além disso, por meio da aplicação de uma teste de causalidade no contexto de dados em painel, foi possível mostrar que o investimento direto externo não tem efeito positivo sobre o PIB. Ao contrário, esse procedimento lidade mostrou que o PIB do país é que tem efeito sobre a entrada de IDE.Basically, foreign direct investments (FDI determinants may be referred to firms and country characteristics - push factors - or to locational factors - pull factors. Most of theoretical literature relative to multinational enterprises in the last forty years, has emphasized firms advantages, giving no weight to macroeconomic factors. The purpose of this paper is to estimate, based on panel data of 33 countries for the period 1975-2000, the main determinants of FDI inflows in developing economies. Factors as size and pace of growth of economic activity, the level of labor qualification, friendly policies towards foreign capital, country risk and stock market performance are the main determinants of FDI. In addition, a causality test, in the special context of panel

  18. Fatores de risco para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRANDÃO Carlos Manuel de Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade hospitalar em reoperações valvares. MÉTODO: Foi realizada análise prospectiva de 194 pacientes submetidos a reoperações valvares no período entre julho de 1995 e junho de 1999. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, classe funcional, número e tipo de operações prévias, intervalo entre as operações, caráter da operação, creatinina sérica, fração de ejeção do ventrículo esquerdo, diâmetros diastólico e sistólico do ventrículo esquerdo, pressão sistólica de ventrículo direito, atividade de protrombina, relação do tempo de tromboplastina parcial ativada, contagem de plaquetas, tempo de circulação extracorpórea, tempo de pinçamento aórtico, posição e número de valvas, tipo de procedimento, operações associadas e volume de sangramento intra-operatório. Análise univariada e multivariada foi realizada para determinar os fatores de risco para mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A mortalidade hospitalar foi de 8,8% (17 pacientes. A análise univariada identificou as seguintes variáveis associadas a maior mortalidade: classe funcional avançada, fração de ejeção do ventrículo esquerdo baixa, atividade de protrombina baixa, creatinina elevada, tempo de circulação extracorpórea prolongado, tempo de pinçamento aórtico prolongado, procedimentos associados e volume de sangramento intra-operatório elevado. Na análise multivariada foram significativas: classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos. CONCLUSÕES: As variáveis classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos são fatores de risco independentes para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares.

  19. Maternal mortality due to arterial hypertension in São Paulo City (1995-1999 A mortalidade materna devido a hipertensão arterial na cidade de São Paulo (1995-1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Pereira Vega

    2007-01-01

    ção de sulfato de magnésio em quatro deles. As principais causas determinantes do óbito foram: o acidente vascular cerebral (44,4%, o edema agudo de pulmão (24,6% e as coagulopatias (14,1%. A cesárea foi realizada em 85 (59,9% casos e o parto vaginal em 15 (16,0%. Em 28 (19,7% casos não foi realizada nenhuma conduta para interromper a gravidez e em 14 (9,8% não se obteve relato do procedimento. CONCLUSÃO: As complicações da hipertensão arterial no ciclo gravídico-puerperal determinam altos índices de mortalidade materna na cidade de São Paulo. A realização de um pré-natal de qualidade e o atendimento apropriado da gestante hipertensa no parto e no pós-parto são medidas de fundamental importância para um melhor controle desse evento, sendo primordial para a redução dessas ocorrências.

  20. Mortalidade infantil por causas evitáveis em uma cidade do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelayne Gonçalves do Nascimento

    2014-04-01

    Full Text Available Estudo de corte transversal que objetivou descrever a ocorrência da mortalidade infantil em Recife (PE entre 2000 e 2009, segundo causas evitáveis. A população foi composta pelos óbitos infantis de mães residentes na cidade do Recife e a classificação de evitabilidade adotou a Lista de causas de mortes evitáveis por intervenções do Sistema Único de Saúde. Para análise dos dados utilizou-se estatística descritiva. Foi observado decréscimo no coeficiente de mortalidade infantil de 20,4 para 12,1 por 1.000 nascidos vivos. Do total de 3.743 óbitos registrados, 2.861 (76,4% foram classificados como evitáveis. Destacaram-s