WorldWideScience

Sample records for determinantes da mortalidade

  1. Determinantes contextuais da mortalidade neonatal no Rio Grande do Sul por dois modelos de análise Determinantes contextuales de la mortalidad neonatal por dos modelos de análisis Contextual determinants of neonatal mortality using two analysis methods, Rio Grande do Sul, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roselaine Ruviaro Zanini

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os determinantes da mortalidade neonatal, segundo modelo de regressão logística multinível e modelo hierárquico clássico. MÉTODOS: Estudo de coorte com 138.407 nascidos vivos com declaração de nascimento e 1.134 óbitos neonatais registrados em 2003 no estado do Rio Grande do Sul. Foram vinculados os registros do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e Mortalidade para o levantamento das informações sobre exposição no nível individual. As variáveis independentes incluíram características da criança ao nascer, da gestação, da assistência à saúde e fatores sociodemográficos. Fatores associados foram estimados e comparados por meio da análise de regressão logística clássica e multinível. RESULTADOS: O coeficiente de mortalidade neonatal foi 8,19 por mil nascidos vivos. As variáveis que se mostraram associadas ao óbito neonatal no modelo hierárquico foram: baixo peso ao nascer, Apgar no 1º e 5º minutos inferiores a oito, presença de anomalia congênita, prematuridade e perda fetal anterior. Cesariana apresentou efeito protetor. No modelo multinível, a perda fetal anterior não se manteve significativa, mas a inclusão da variável contextual (taxa de pobreza indicou que 15% da variação da mortalidade neonatal podem ser explicados pela variabilidade nas taxas de pobreza em cada microrregião. CONCLUSÕES: O uso de modelos multiníveis foi capaz de mostrar pequeno efeito dos determinantes contextuais na mortalidade neonatal. Foi observada associação positiva com a taxa de pobreza, no modelo geral, e com o percentual de domicílios com abastecimento de água entre os nascidos pré-termos.OBJETIVO: Analizar los determinantes de la mortalidad neonatal, según modelo de regresión logística multinivel y modelo jerárquico clásico. MÉTODOS: Estudio de cohorte con 138.407 nacidos vivos con declaración de nacimiento y 1.134 óbitos neonatales registrados en 2003 en Rio Grande do Sul, Sur

  2. UNA APROXIMACION A LOS DETERMINANTES SOCIOECONOMICOS DE LA MORTALIDAD INFANTIL Y DE NIÑEZ EN BOLIVIA: USO DE METODOS INDIRECTOS DE CALCULO DE MORTALIDAD Y ANALISIS BIVARIADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pamela Córdova

    2016-01-01

    Full Text Available A pesar de las importantes mejoras en los resultados de salud infantil y de niñez durante el Siglo XXI en América Latina, las tasas de mortalidad infantil y de niñez permanecen inaceptablemente altas en Bolivia encontrándose entre las más elevadas la región, solo por debajo de Haití, dirigiéndose a una deficiente salud infantil y de niñez. Estos resultados requieren de evidencia científica sobre la mejor manera de hacer frente a sus determinantes. Este estudio aproxima, teóricamente, mediante el marco teórico propuesto por Mosley-Chen y Sastry, los determinantes de la mortalidad infantil y de niñez en Bolivia enfocados en características individuales, del hogar y contextual. Además se examina de manera preliminar los niveles y magnitudes de la mortalidad mediante el uso de métodos directos e indirectos de estimación mediante la técnica propuesta por la versión Trussel y la versión Palloni-Heligman del Método de Brass y se realiza un análisis bivariado que da cuenta de relaciones existentes entre la mortalidad infantil y de niñez y las variables a nivel del hogar, individual y contextual relacionado con las políticas públicas.

  3. Análise espacial de indicadores integrados determinantes da mortalidade por diarreia aguda em crianças menores de 1 ano em regiões geográficas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Ferraz Bühler

    2014-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é realizar a análise espacial de indicadores integrados de ambiente e saúde relativos aos fatores condicionantes da mortalidade por diarreia em menores de 1 ano nas regiões brasileiras no ano de 2010. Foram formulados 7 indicadores socioambientais, construídos a partir do banco de dados do Sistema IBGE de Recuperação Automática do Censo Demográfico de 2010. Os dados de óbitos por diarreia em crianças menores de 1 ano e de nascidos vivos foram obtidos das bases de dados dos Sistemas de Informação de Mortalidade e do Sistema de Informação de Nascidos Vivos do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. As microrregiões situadas nas regiões Norte e Nordeste, apresentaram, em 2009, respectivamente, 5 e 4 vezes mais taxa de mortalidade por diarreia em menores de 1 ano, que a região Sul. As crianças menores de 1 ano residentes nas microrregiões localizadas nas regiões Norte e Nordeste estão mais expostas ao risco de óbito pela diarreia, uma vez que nestes locais concentram-se os piores valores para os indicadores socioambientais relacionados à pobreza e ao saneamento básico. Neste sentido, políticas públicas sociais, econômicas, ambientais, culturais e de saúde devem embasar-se no princípio de equidade para atender as diferentes necessidades locais de cada região.

  4. Determinantes sociales de la mortalidad infantil en municipios de bajo índice de desarrollo humano en México

    OpenAIRE

    Duarte-Gómez, María Beatriz; Núñez-Urquiza, Rosa María; Restrepo-Restrepo, José Alonso; Richardson-López-Collada, Vesta Louise

    2015-01-01

    Introducción: Se realizó un estudio con el objetivo de identificar determinantes sociales de mortalidad infantil en zonas rurales en México, y recomendar estrategias para disminuir esta mortalidad. Métodos: Se tomó una muestra por conveniencia de 16 municipios de bajo índice de desarrollo humano. Se identificaron fallecimientos de menores de un año de edad a través de registros oficiales y de entrevistas con autoridades civiles, personal de salud y líderes comunitarios. También se realizar...

  5. Determinantes sociales de la mortalidad infantil en municipios de bajo índice de desarrollo humano en México

    OpenAIRE

    Duarte-Gómez, María Beatriz; Núñez-Urquiza, Rosa María; Restrepo-Restrepo, José Alonso; López-Collada, Vesta Louise Richardson

    2015-01-01

    ResumenINTRODUCCIÓN: Se realizó un estudio con el objetivo de identificar determinantes sociales de mortalidad infantil en zonas rurales en México, y recomendar estrategias para disminuir esta mortalidad.MÉTODOS: Se tomó una muestra por conveniencia de 16 municipios de bajo índice de desarrollo humano. Se identificaron fallecimientos de menores de un año de edad a través de registros oficiales y de entrevistas con autoridades civiles, personal de salud y líderes comunitarios. También se reali...

  6. Determinantes sociais e biológicos da mortalidade infantil em coorte de base populacional em Passo Fundo, Rio Grande do Sul Social and biological determinants of infant mortality in population cohort in the city of Passo Fundo, Rio Grande do Sul State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Teresinha Consalter Geib

    2010-03-01

    Full Text Available Investigaram-se os determinantes sociais e biológicos da mortalidade infantil de coorte de base populacional com 2.331 nascidos vivos em Passo Fundo (RS entre fevereiro de 2003 e janeiro de 2004, incluindo os 56 óbitos infantis. Os dados referentes aos óbitos foram acrescidos ao banco de dados da coorte de nascimento, que continha as variáveis sociais e biológicas obtidas nas declarações de nascidos vivos e em entrevistas domiciliares. O coeficiente de mortalidade infantil foi de 22,8%. Análises bivariadas e multivariada com regressão logística e modelo hierarquizado mostraram associados ao óbito infantil: escolaridade materna inferior a oito anos (RR= 5,7; IC 95%: 1,92- 16,75, antecedente de filhos mortos (RR= 3,7 (IC 95%: 1,07-12,10; baixo peso ao nascer, com RR= 6,7 (IC 95%: 2,07-21,65 a 79,7 (IC 95%:14,36-441,92 para nascidos de baixo peso e de muito baixo peso, respectivamente; escores de Apgar One investigated the social and biological determinants of infant mortality of a population cohort of 2,331 live births in the period February 2003 to January 2004, in the city of Passo Fundo, Rio Grande do Sul State, including 56 infant deaths. The databank of deaths had been increased to the databank of the birth cohort, which contained the social and biological variables obtained from live birth certificates and with home interviews. The coefficient of infant mortality of this cohort was 22.8%. Multivariate analyses with logistic regression and hierarchic model had shown that the following aspects were significantly associated with infant death: maternal educational level lower than eight years (RR= 5.7; IC 95%: 1.92- 16.75, antecedent of dead children (RR= 3.7 (IC 95%: 1.07-12.10; low birth weight, with RR= 6.7 (IC 95%: 2.07-21.65 to 79.7 (IC 95%:14.36-441.92 for infants of low birth weight and weighing less than 1500g, respectively; Apgar scores < 7 (RR=8.7; IC 95%: 2.85-26.32 and absence of breastfeeding (RR=15.75; IC 95%: 6

  7. Distribuição espacial da taxa de mortalidade infantil e principais determinantes no Ceará, Brasil, no período 2000-2002 Spatial distribution of the infant mortality rate and its principal determinants in the State of Ceará, Brazil, 2000-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gomes Bezerra Filho

    2007-05-01

    Full Text Available A distribuição geográfica dos agravos à saúde e sua relação com potenciais fatores de risco vêm abrindo um vasto campo para a investigação epidemiológica. O presente estudo visa a identificar padrões de distribuição espacial dos componentes neonatal (TMIN e pós-neonatal (TMIP da taxa de mortalidade infantil (TMI dos municípios do Ceará, Brasil, e discute os principais fatores sócio-econômicos, demográficos e de atenção à saúde que contribuíram para dependência espacial destes componentes. Trata-se de um estudo ecológico transversal, utilizando regressão linear múltipla, cuja análise espacial desses componentes foi obtida através do índice de Moran. Conclui-se que as condições de assistência à gravidez, ao parto e ao recém-nascido somadas a uma melhor distribuição de renda são decisivas para a sobrevivência no primeiro mês de vida, enquanto que a má alimentação, imunização, saneamento, educação e situação econômica são possíveis determinantes da mortalidade pós-neonatal. Reconhece-se a importância que as ações de atenção seletiva à saúde exercem para o declínio da TMI. No entanto, mudanças estruturais e intersetoriais são as que irão gerar a sustentabilidade necessária para levar esse indicador ao nível dos países desenvolvidos.The geographic distribution of health problems and its relationship to potential risk factors has opened a vast field for epidemiological research. The present study aims to identify spatial distribution patterns for the neonatal and post-neonatal components of the infant mortality rate (IMR in Ceará State, Brazil, and discuss the main socioeconomic, demographic, and healthcare factors contributing to the spatial dependence of these components. This cross-sectional ecological study uses multiple linear regression, in which spatial analysis of the components was obtained through the Moran index. Prenatal, childbirth, and neonatal care as well as improved

  8. Los determinantes de la mortalidad y las diferencias socioeconómicas de la mortalidad en la infancia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Behm Rosas

    2016-02-01

    Full Text Available PRESENTACIÓN: El texto que se reproduce a continuación, escrito por el Dr. Hugo Behm Rosas, nacido en el año 1913, a inicios de los años noventa, sintetiza lo que fue un largo y prolífico trabajo de análisis de la mortalidad infantil en América Latina. Así lo atestiguan los estudios que publicó desde los inicios de los años sesenta del siglo pasado hasta el primer lustro de este siglo. El texto: Las diferencias socioeconómicas de la mortalidad en la infancia es un capítulo del libro Las desigualdades sociales ante la muerte en América Latina publicado en el año 1992 por el Centro Latinoamericano y Caribeño de Demografía (CELADE de la Comisión Económica para América Latina y el Caribe (CEPAL y la Organización Holandesa para la Cooperación Internacional en Educación Superior. El texto constituye una síntesis de los múltiples estudios sobre diferencias de la mortalidad infantil entre grupos sociales. Las contribuciones del Dr. Behm para entender las diferencias de mortalidad infantil entre distintos grupos sociales fueron muchas. Estas empezaron cuando, como lo narra en el prólogo a una reedición de una de sus primeras publicacionesi, el Dr. Behm dejó la clínica por la salud pública para emprender una investigación sobre las diferencias de mortalidad infantil en Chile. En 1962 publicó Mortalidad infantil y nivel de vida publicado por la Escuela de Salud pública de la Universidad de Chile y recientemente reeditado por la unidad de Patrimonio Cultural de la Salud. A partir de este influyente estudio donde escribe “La mortalidad infantil viene a ser, en consecuencia, un indicador del alto precio que los pueblos pagan por las formas de organización económicamente ineficientes y socialmente injustas que han logrado darse” ii, emprendió muchos otros explorando las desigualdades sociales en la mortalidad infantil. Los últimos estudios los realizó en la subsede de CELADE en Costa Rica donde junto a muchos

  9. Mortalidade e morbidade da cidade do Rio de Janeiro imperial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Marcílio

    1993-07-01

    Full Text Available Trata o artigo dos primeiros resultados de um Projeto de Pesquisa sobre a "História Social da Saúde no Brasil (séculos 18 e 19", que estamos desenvolvendo. Contextualizamos sumariamente as condições sanitárias do Rio de Janeiro, durante o Império e a ação do Governo e da Academia Imperial de Medicina.  Calculamos os níveis da mortalidade geral e diferenciada (livres e escravos e mortalidade infantil. Descobrimos que anualmente e até o final do século, a mortalidade foi inferior à natalidade. O movimento sazonal mostrou aos que os meses quentes e úmidos eram os de maior mortalidade. Enfim, procuramos mapear a cronologia das grandes epidemias que assolaram a população carioca no século passado e conhecer as principais moléstias crônicas mais mortíferas. A tuberculose pulmonar por si só foi responsável por cerca de 15% das mortes em todo o período.

  10. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  11. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Tereza Etsuko da Costa

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  12. Desigualdade espacial da mortalidade neonatal no Brasil: 2006 a 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Genyklea Silva de Oliveira

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar a distribuição espacial da mortalidade neonatal e sua correlação com os fatores biológicos, socioeconômicos e de atenção à saúde materno-infantil, nos estados brasileiros, no período de 2006 a 2010. Foram construídos mapas temáticos e de correlação (LISA para verificação de dependência espacial e modelos de regressão linear múltipla. Verificou-se que não há autocorrelação espacial para mortalidade neonatal nos estados brasileiros (I = 0,002; p = 0,48. A maioria das variáveis estava correlacionada (r > 0,3, p < 0,05 com a mortalidade neonatal, formando clusters em estados do Norte e Nordeste, com maiores taxas de mães adolescentes, renda domiciliar per capta baixa, menor realização de consultas de pré-natal e de leitos de UTI Neonatal. O número de leitos de UTI Neonatal manteve efeito independente após a análise de regressão. Conclui-se que as desigualdades regionais das condições de vida e, principalmente, de acesso aos serviços de saúde materno-infantil contribuem para a distribuição desigual da mortalidade neonatal no Brasil.

  13. Determinantes sociais da saude e o Programa Saude da Familia no municipio de Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Pluciennik Dowbor

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a situação do trabalho com determinantes sociais da saúde no âmbito do Programa Saúde da Família. MÉTODOS Estudo de caso com métodos mistos de pesquisa, ancorados em estratégia sequencial explanatória, com 171 gerentes das unidades do Programa Saúde da Família em São Paulo, SP, em 2005/2006. Questionários autopreenchíveis foram aplicados. Entrevistas semiestruturadas e grupos focais foram realizados com amostra intencional de profissionais envolvidos no trabalho com determinantes sociais da saúde. Os dados quantitativos foram analisados por análise descritiva, análise de correspondência múltipla, análise de agrupamento e testes de correlação entre variáveis. Os dados qualitativos foram apurados por análise de conteúdo e a criação de categorias temáticas. RESULTADOS Apesar da concentração de atividades direcionadas ao cuidado com a doença, o Programa Saúde da Família realizou atividades relacionadas à determinação social da saúde, contemplando todas as formas de abordagem da promoção da saúde (biológico, comportamental, psicológico, social e estrutural e os principais determinantes sociais da saúde descritos na literatura. Houve diferença significativa quanto à abrangência dos determinantes trabalhados nas unidades em relação às diferentes regiões do município. Constatou-se fragilidade das iniciativas e a sua desconexão com a estrutura programática do Programa Saúde da Família. CONCLUSÕES A quantidade e variedade de atividades com determinantes sociais da saúde realizadas no Programa Saúde da Família mostram potencial para trabalhar a determinação social da saúde. Mas a fluidez de objetivo e o caráter extraordinário das atividades descritas questionam sua sustentabilidade como parte integral da atual estrutura organizacional do programa.

  14. Mortalidade pós-neonatal no território brasileiro: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Aparecida Pimenta Ferrari

    2012-10-01

    Full Text Available O presente trabalho trata-se de revisão sistemática, referente ao período de 2004 a 2009, sobre o tema mortalidade pós-neonatal. Teve o objetivo de identificar como se colocam na literatura, as causas da morte e a relação com as condições socioeconômicas. Foram selecionados 27 artigos, 74,4% publicados em periódicos da área da Saúde Pública e 66,7%, de desenho do tipo ecológico. Quase a totalidade versava sobre grupos de causas e seus componentes (66,7%, seguidos pelo terço restante, sobre a identificação dos fatores determinantes dos óbitos. A região Sudeste produziu mais de 37% dos estudos. Na maioria dos municípios e estados brasileiros, a redução superou 50% no final da década de 1990. Dentre os grupos de causas de óbitos, predominou o grupamento diarreia-pneumonia, seguido pelas malformações congênitas. As condições de vida segundo indicadores socioeconômicos - moradia, saneamento básico, educação e acesso à saúde - foram determinantes para os maiores índices de mortalidade pós-neonatal por causas passíveis de redução.

  15. Determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2015-08-01

    Full Text Available O objetivo do estudo é identificar os determinantes da folga organizacional em uma empresa com estrutura descentralizada, com ênfase no modo como os controllers das unidades de negócios afetam a folga. Foi realizada uma pesquisa descritiva com abordagem quantitativa, por meio de survey, utilizando o instrumento de pesquisa concebido por Indjejikian e Matëjka (2006, que se constitui de dois questionários, um para o gestor e outro para o controller de cada UN. A empresa objeto de estudo apresenta estrutura descentralizada com 45 UNs, das quais 32 responderam aos questionários. Os resultados da pesquisa indicam que as metas de desempenho, quando o crescimento das UNs é provocado pelo aumento das vendas e do market share, com sacrifício do retorno sobre o investimento no curto e médio prazos, são mais fáceis de alcançar e permitem maior folga organizacional do que em situações de UNs mais estáveis. Também indicam que a folga organizacional é maior em ambientes caracterizados por maior assimetria de informação entre a holding e os gestores das UNs, definidos pelo foco do controller da UN. Os resultados dos testes da relação entre as variáveis foco do controller da UN e folga organizacional evidenciam que os controllers das UNs priorizam o apoio à tomada de decisão na UN, em detrimento de suas responsabilidades com o sistema de controle gerencial corporativo. Quanto maior o tempo de atuação do controller na UN, maior é a sua dedicação às responsabilidades relacionadas à gestão da UN em detrimento do foco nas tarefas da holding. Conclui-se que a relação constatada nesta pesquisa entre o nível de folga organizacional e o foco dos controllers das UNs se coaduna com aquela enunciada no estudo de referência. De maneira geral, os resultados das análises estão alinhados com os da pesquisa de Indjejikian e Matëjka (2006, consideradas as limitações de comparabilidade em função das diferenças amostrais.

  16. Oportunismo como determinante da estrutura de capital: Um estudo de caso em nanotecnologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena de Cassia Rocha

    2017-06-01

    Full Text Available A discussão sobre os determinantes da estrutura de capital é algo que vem sendo realizado há algum tempo. Contudo, é observado uma lacuna a respeito do tema em empresas de nanotecnologia, assim como trabalhos que enfoquem a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital. Sendo assim, o presente artigo traz uma discussão sobre a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital em empresas de nanotecnologia no Brasil. Para tal, foi realizado um estudo de caso abordando aspectos ligados a estrutura de capital adotada, a verificação da utilização de determinadas teorias sobre o tema e a relevância de algumas fontes. Foi observado que a empresa analisada utiliza a ideia do oportunismo como determinante da estrutura de capital devido aos fatores relacionados ao custo das fontes e as exigências por parte dos credores. Assim, em momentos em que os custos e as exigências são aceitáveis, para a empresa, se opta por tais fontes.

  17. DETERMINANTES DA DIVULGAÇÃO DOS INDICADORES DE DESEMPENHO DA GRI NAS EMPRESAS DO BRASIL E DA ESPANHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Diógenes Góis

    2015-01-01

    Full Text Available O estudo tem por objetivo investigar os fatores determinantes da divulgação dos indicadores de desempenho de sustentabilidade da GRI nas empresas listadas nas bolsas do Brasil e da Espanha. Para tanto, foram analisados os dados de 94 empresas de capital aberto dos dois países que publicaram relatórios anuais e/ou de sustentabilidade, referentes a 2011, no padrão GRI-G3. A pesquisa é descritiva, com abordagem quantitativa dos dados, utilizando-se a Regressão Linear Múltipla para quatro modelos de disclosure (econômico, ambiental, social e de sustentabilidade. Os resultados mostram que as empresas da Espanha apresentam um nível de disclosure de sustentabilidade mais elevado, e que o nível de evidenciação geral, considerando o conjunto das dimensões da sustentabilidade (econômica, social e ambiental, corresponde a 72,7%. Quanto ao resultado dos modelos de regressão, observa-se que as variáveis independentes (Tamanho, Rentabilidade, Endividamento, Auditoria, Setor de Impacto Ambiental e Idade não explicam o disclosure econômico; porém, quanto aos disclosures ambiental, social e de sustentabilidade, as variáveis Tamanho e Idade são fatores determinantes.

  18. Correcao de informacoes vitais: estimacao da mortalidade infantil, Brasil, 2000-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Propor método simplificado para corrigir informações vitais e estimar o coeficiente de mortalidade infantil no Brasil. MÉTODOS : A correção dos dados vitais dos sistemas de informação sobre mortalidade e nascidos vivos foi obtida por meio de fatores de correção, estimados com base em eventos não informados ao Ministério da Saúde e captados por pesquisa de busca ativa. O método simplificado de correção das informações vitais, de 2000-2009 para o Brasil e unidades da federação, estabelece o nível de adequação das informações de óbitos e nascidos vivos, pelo cálculo do coeficiente geral de mortalidade padronizado por idade e da razão entre os nascidos vivos, informados e esperados, respectivamente, em cada município brasileiro. A partir da aplicação dos fatores de correção ao número de óbitos e nascidos vivos, informados em cada município, as estatísticas vitais foram corrigidas, possibilitando estimar o coeficiente de mortalidade infantil. RESULTADOS : Os maiores fatores de correção foram referentes aos óbitos infantis que atingiram valores maiores do que 7 para municípios com grande precariedade de informações de mortalidade. Os fatores de correção apresentaram gradiente decrescente à medida que melhoraram os indicadores de adequação das informações vitais para óbitos e nascidos vivos. As informações vitais corrigidas pelo método simplificado por unidade da federação, em 2008, foram similares às obtidas na pesquisa de busca ativa. A taxa de natalidade e o coeficiente de mortalidade infantil decresceram em todas as regiões brasileiras, no período. A taxa de decréscimo anual foi de 6,0% no Nordeste, a maior do Brasil (4,7%. CONCLUSÕES : A busca ativa de óbitos e nascimentos possibilitou calcular fatores de correção por nível de adequação das informações de mortalidade e de nascidos vivos. O método simplificado proposto permitiu corrigir as informações vitais por

  19. Valor preditivo da frequência cardíaca em repouso do teste ergométrico na mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Eilert Fagundes

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A frequência cardíaca em repouso (cuja média está entre 60 e 80 bpm é uma das mais simples variáveis cardiovasculares e tem sido considerada como um preditor de mortalidade cardiovascular e geral. OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo da frequência cardíaca em repouso (FCR, antes do teste ergométrico (TE, na mortalidade cardiovascular (CV e geral. MÉTODOS: Estudo de caso-controle, que utilizou informações contidas nos bancos de dados do laboratório de ergometria de um hospital especializado em cardiologia e os registros de óbitos da Secretaria da Saúde em uma cidade do sul do Brasil, de janeiro de 1995 a junho de 2007. Foram analisados 7.055 pacientes, sendo 1.645 (23,3% do grupo caso (óbitos e 5.410 (76,7% do grupo controle (vivos. Foi calculado o ponto de corte da FCR para mortalidade, através da curva ROC e realizada a análise multivariada para as variáveis selecionadas. Os desfechos foram mortalidade CV e geral. RESULTADOS: A incidência de mortalidade CV foi de 674 casos (9,5%; a FCR > 78 bpm foi o ponto de corte. Após ajustado para as variáveis selecionadas, o odds ratio (OR para FCR > 78 bpm foi de 3,5 (IC 95% = 2,9 - 4,2 para mortalidade CV e 3,6 (IC 95% = 3,2 - 4,0 para mortalidade geral. CONCLUSÃO: A FCR > 78 bpm é um preditor independente de mortalidade cardiovascular e geral.

  20. Mortalidade de adolescentes em área urbana da região Sudeste do Brasil, 1984-1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lyra Sílvia M. Kawata

    1996-01-01

    Full Text Available Analisa-se a mortalidade de adolescentes no Município de Botucatu, Estado de São Paulo, Brasil, no período de 1984 a 1993, segundo dois subgrupos (10 a 14 e 15 a 19 anos, sexo, ocupação e causas de óbito. Os dados de óbitos foram obtidos no Setor de Estatística do Centro de Saúde-Escola. As estimativas populacionais foram calculadas com base nos censos demográficos. Observou-se variação dos coeficientes de mortalidade nos diferentes anos e maior mortalidade no grupo masculino de 15 a 19 anos, atingindo tanto estudantes como trabalhadores. Houve predomínio de causas externas de mortalidade, principalmente acidentes de trânsito e ferimento por arma de fogo, exigindo averigüação de seus determinantes e o desenvolvimento de programas de saúde destinados aos adolescentes, suas famílias e à sociedade, considerando-se que as causas de morte são evitáveis e preveníveis.

  1. Pesquisa sobre mortalidade perinatal no Brasil: revisão da metodologia e dos resultados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Sandra Costa

    2004-01-01

    Full Text Available A mortalidade perinatal persiste como relevante evento em saúde pública, demandando estudos epidemiológicos, tanto para definir sua magnitude e variações temporais, como para identificar seus determinantes e apontar as intervenções adequadas. Existem ainda questões conceituais e metodológicas controversas, gerando heterogeneidade nos estudos e prováveis vieses. No Brasil, nos últimos anos, desponta uma produção crescente sobre o tema, principalmente no Sudeste e Sul. Foram revistos 24 artigos de 1996 a 2003, focalizando: definições e classificações utilizadas, fontes de dados, desenhos de estudo, formas de aferição das variáveis, modelos de análise estatística e principais resultados. A revisão mostrou a progressiva utilização de bancos de dados informatizados, principalmente o SINASC e o SIM, o pequeno número de estudos sobre natimortalidade, a incorporação ainda incipiente das classificações de causas e a discordância em relação a alguns fatores de risco.

  2. Determinantes da Rotatividade das Carteiras dos Fundos de Investimento em Ações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Luiz Albertin Bono Milan

    2015-01-01

    Full Text Available A gestão ativa de um fundo de investimento em ações visa a obter um desempenho superior ao retorno de uma carteira de mercado por meio da rotatividade da carteira do fundo. Este trabalho procura evidenciar, no mercado brasileiro, os determinantes dos índices de rotatividade das carteiras dos fundos de investimentos em ações de gestão ativa. Usando a metodologia de Gaspar, Massa e Matos (2005, este estudo evidencia as características dos fundos e dos gestores impactando o nível de rotatividade das carteiras dos fundos. Fundos grandes e fundos que cobram valores altos para depósito inicial tendem a apresentar elevada rotatividade da carteira. Gestores com mais tempo dedicado ao mesmo fundo tendem a apresentar elevados índices de rotatividade. No entanto quanto maior a experiência do gestor em gestão de fundos, menor tende a ser a rotatividade da carteira do fundo. Gestores formados em administração de empresas tendem a apresentar maiores índices de rotatividade da carteira do que os gestores formados em economia e engenharia.

  3. Os determinantes da avaliação da economia na eleição presidencial brasileira em 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Fernandes Veiga

    Full Text Available Resumo Este artigo analisa os determinantes da avaliação econômica retrospectiva sociotrópica na eleição presidencial no Brasil em 2014, com base: a no conhecimento que o eleitor possui a partir de informação objetiva da economia; b no conhecimento que o eleitor possui a partir de sua experiência vivida/sensação de mobilidade social; c a sua afetividade partidária; d a sua identidade ideológica. Nossa contribuição foi mostrar que: a ter conhecimento/informação objetiva da economia não tem impacto na avaliação da economia; b o conhecimento advindo da experiência vivida, identificado aqui como sensação de mobilidade social, não impacta na avaliação da economia no sentido esperado – mais ascensão, mais tendência de avaliação positiva; c a afetividade partidária, por sua vez, demonstrou forte impacto na avaliação da economia. O artigo usa dados do CSES/Eseb – Estudo Eleitoral Brasileiro.

  4. Da noção de determinação social à de determinantes sociais da saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Arêas Garbois

    Full Text Available RESUMO O ensaio aborda criticamente a noção de determinantes sociais da saúde, veiculada oficialmente pela Organização Mundial da Saúde, a partir da discussão sobre sua perspectiva conceitual que difere bastante daquela cunhada por volta dos anos 1970, pela corrente médico-social latino-americana, de determinação social da saúde. A discussão desnuda os preceitos filosóficos que sustentam a noção de determinantes sociais da saúde, a partir dos argumentos fundados na sociologia positivista de Émile Durkheim. Conclui-se que essa noção identifica um 'social' fragmentado, trazendo consequências práticas e políticas e mostrando-se insuficiente para analisar as mudanças sociais da contemporaneidade.

  5. Geografia da mortalidade infantil do Brasil: variações espaciais e desigualdades territoriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rivaldo Faria

    2016-12-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar as variações espaciais e as desigualdades territoriais nos indicadores de mortalidade infantil do Brasil. O estudo foi feito com todos os óbitos infantis e nascidos vivos registrados em sistemas oficiais nos anos de 2012 e 2013 nas 558 microrregiões brasileiras. Os indicadores foram calculados e estimados através do método bayesiano empírico. As características do território foram analisadas através de um indicador multicritério denominado Índice de Privação Social. Os resultados indicaram elevados coeficientes de mortalidade infantil (CMI nas microrregiões dos estados do nordeste e norte do país e fatores associados relacionados à idade da mãe, doenças infecciosas, vazios assistenciais e falta de acompanhamento pré-natal. Nas microrregiões dos estados do sudeste e sul e parte do centro-oeste os CMI são menos elevados e os fatores associados estão mais relacionados com a prematuridade e baixo peso à nascença.

  6. Modernização da Agricultura em Moçambique: determinantes da renda agrícola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos E. Guanziroli

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é verificar até que ponto as tecnologias oriundas da revolução verde foram efetivamente adotadas na África Subsaariana e, nos casos em que foram adotadas, se tiveram sucesso em melhorar a renda e a produtividade da agricultura. Para este fim, o trabalho faz primeiramente um breve resumo do estado das artes da revolução verde na África, mostrando quais países avançaram mais e como se correlaciona a utilização de fertilizantes químicos com os aumentos de produtividade. Faz-se também uma discussão sobre as características do processo de intensificação num caso em particular, o de Moçambique. Finalmente, com base nos microdados do Tratado de Inquérito Agrícola (TIA, se testa um modelo econométrico de MQO que visa avaliar os determinantes da renda agrícola e, em particular, do uso de fertilizantes químicos.

  7. Distribuição espacial da violência: mortalidade por causas externas em Salvador (Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paim Jairnilson Silva

    1999-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo descrever a distribuição da mortalidade por causas externas no espaço urbano de Salvador, Estado da Bahia, Brasil, em 1991. Foram calculados indicadores de mortalidade por causas externas e por tipos específicos de violência. A mortalidade proporcional por causas externas foi de 15% e a taxa de mortalidade correspondeu a 78,0 óbitos por 100 000 habitantes. As taxas de mortalidade por homicídios e por acidentes de transporte foram de 32,2 e 21,8 por 100 000 habitantes, respectivamente. Os idosos apresentaram um maior risco de morte por causas externas, seguidos dos adultos jovens e adolescentes. No caso dos idosos, 38% das mortes foram por acidentes de transporte e 28%, por quedas. Em relação aos jovens, predominam os homicídios, especialmente no sexo masculino e na faixa etária de 15 a 29 anos. Constatou-se uma distribuição desigual da mortalidade por causas externas no espaço urbano, penalizando, especialmente no caso dos homicídios, as populações residentes em bairros pobres, com taxas superiores ao coeficiente médio de Salvador. É necessário desenvolver medidas de prevenção e controle, incluindo políticas públicas e ações programáticas de saúde, orientadas para o espaço social sujeito a maior risco de morte por causas externas.

  8. Os determinantes da atuação dos intelectuais do trabalho no capitalismo contemporâneo

    OpenAIRE

    SILVA, Eliana Andrade da

    2008-01-01

    Este estudo discute os determinantes da atuação dos intelectuais do trabalho no capitalismo contemporaneo, a partir da realidade dos projetos de assentamento de reforma grária do Rio Grande do Norte. O desvendamento deste objeto teve como caminho metodológico a análise das principais transformações que ocorrem no âmbito do Mercado, do Estado e da Sociedade Civil na atualidade. Dessa forma, partimos do pressuposto que as transformações do capital tem forjado determinações par...

  9. Reações adversas a medicamentos como determinantes da admissão hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PFAFFENBACH GRACE

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A freqüência de reação adversa a medicamentos (RAM como determinante da hospitalização não está bem documentada na literatura médica brasileira. Objetivou-se determinar esta freqüência, documentando o padrão de uso de medicamentos antes da hospitalização. MÉTODOS: O estudo foi realizado em um hospital escola de atenção terciária à saúde. Constou de duas fases distintas, sendo a primeira a análise dos dados disponíveis a respeito dos diagnósticos que levaram à admissão hospitalar na enfermaria de Medicina Interna durante o ano de 1997. Após esta análise, foi realizado em 1999 o monitoramento intensivo das RAMs de pacientes internados durante quatro meses e o registro dos medicamentos usados nos 15 dias que antecederam a internação e os padrões de morbidade dos pacientes da enfermaria. RESULTADOS: Em 1997, ocorreram 938 internações, 53,4% de pacientes masculinos, com 1,1 diagnóstico por internação e nenhum diagnóstico de RAM. Na segunda fase do estudo, dos 135 pacientes, 52% do sexo feminino, 92% usaram medicamentos antes da internação, e destes, 42% se auto-medicaram nos 15 dias anteriores à internação. A média de uso de medicamentos foi de 3,7. RAM foi responsável por ou teve participação em 6,6% das internações. CONCLUSÕES: O Monitoramento intensivo de pacientes estimula a notificação de RAM e serve como um recurso didático importante na formação dos profissionais de saúde quanto ao uso racional de medicamentos.

  10. Determinantes da Distribuição da (Desigualdade de Gênero entre os Estados Brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bruscato Bortoluzzo

    2016-03-01

    Full Text Available Resumo A igualdade de gênero é fundamental para um desenvolvimento econômico sustentável. O Brasil, apesar de ser uma das maiores economias do mundo, ainda precisa de um grande avanço no sentido de conquistar uma sociedade mais igualitária entre homens e mulheres quando comparado a países do mesmo porte econômico. O presente estudo faz uma análise da evolução da igualdade de gênero no Brasil entre 1997 e 2012, e quais os impactos da globalização, do desenvolvimento econômico e de medidas de bem-estar sobre a distribuição da igualdade de gênero entre os estados brasileiros. Para isso, foi utilizada a metodologia econométrica de dados em painel. Os resultados mostram que a igualdade de gênero aumentou no período e que, além disso, a globalização, mensurada com base no investimento direto estrangeiro e no acesso da população a aparelhos de televisão, elevou a igualdade entre os sexos no Brasil.

  11. Determinantes Macroeconômicos da Estrutura a Termo da Taxa de Juros

    OpenAIRE

    Reis, Yuri Azevedo Pinto dos

    2014-01-01

    Este trabalho propõe a implementação de um modelo de três fatores em que os movimentos da Estrutura a Termo da Taxa de Juros são determinados por variáveis macroeconômicas observáveis. Desenvolvi o estudo com base na metodologia elaborada por Huse (2007), que propôs um novo modelo baseado nos estudos de Nelson e Siegel (1987) e Diebold e Li (2006). Os fatores utilizados foram: taxa de câmbio em reais por dólar, expectativa da taxa de inflação para daqui a doze meses, spread do Credit Default ...

  12. Determinantes da aprendizagem em escolas municipais Determinantes del aprendizaje en escuelas municipales Determinants of learning in municipal schools

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto de Mello e Souza

    2005-12-01

    Full Text Available O artigo lida com a questão da escola eficiente, ou seja, procura examinar em escolas de três municípios os fatores escolares que mais influenciam a aprendizagem do aluno. A sua vantagem é o detalhamento das perguntas, que permite conhecer melhor aspectos tanto do ambiente escolar, como da sala de aula. Os dados aqui analisados são de um teste clássico de língua portuguesa, aplicado a alunos de quarta série das turmas e escolas selecionadas, e de questionários sobre os alunos, professores, diretores e escolas. Inicialmente, usando análise de regressão múltipla, são identificadas as variáveis significativas em cada questionário; ao final é apresentado o modelo geral. Entre os resultados obtidos, fica claro que o grau de participação de professores e pais de alunos no processo escolar favorece o desempenho dos alunos. A autonomia da escola, tanto pedagógica como administrativa, também tem reflexos importantes na sala de aula. A formação superior de professores e diretores não favorece melhores resultados dos alunos, o que coloca em questão a natureza dessa formação. Os efeitos negativos da repetência são bem maiores do que os do ingresso tardio na escola. Finalmente, a posse do livro didático é um fator crítico para a aprendizagem, assim como a existência de instalações como biblioteca e sala de vídeo.Este artículo tiene como tema la escuela eficiente. Busca examinar los factores escolares que más influencian el aprendizaje del alumno en escuelas de tres municipios. La minuciosidad de las preguntas permite conocer mejor los aspectos del ambiente escolar y de las clases. Los datos analizados son provenientes de uno teste clásico de lengua portuguesa, aplicado a alumnos de cuarta serie de las clases y escuelas seleccionadas, y de cuestionarios para los alumnos, maestros, directores e escuelas. Primeramente, usando análisis de regresión múltipla, son identificadas las variables significativas en cada

  13. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços de salão de beleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Duarte Ribeiro

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo apresenta um modelo de representação dos determinantes da satisfação dos clientes de serviços em salões de beleza e dos atributos de qualidade percebidos por eles. Para isso, foram aplicadas duas pesquisas junto a usuários de salões de beleza com a finalidade de: (i determinar as relações entre os determinantes da satisfação dos clientes; e (ii identificar e hierarquizar atributos de qualidade percebidos, de acordo com sua importância para os clientes do serviço em questão. A confirmação de expectativas e a qualidade percebida aparecem como os principais determinantes da satisfação dos clientes. Competência técnica, limpeza do ambiente e dos utensílios, cumprimento de horários e localização conveniente aparecem como os principais atributos de qualidade percebidos. Os resultados desta pesquisa podem ser usados pelos gerentes de salões de beleza para aprimorar a qualidade do serviço e a satisfação dos clientes, estabelecendo um diferencial competitivo para sua empresa.

  14. Evolução da mortalidade por câncer cérvico-uterino em Salvador - BA, 1979-1997 Evolution of the mortality for cervico-uterine cancer in Salvador - BA, 1979-1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susanne Andrade Derossi

    2000-12-01

    Full Text Available O câncer cérvico-uterino, quando diagnosticado e tratado precocemente, constitui-se em uma causa de morte perfeitamente evitável. Entretanto, no Brasil, a mortalidade por esta causa ainda é elevada, persistindo como problema de saúde pública. O objetivo deste trabalho é descrever a evolução da mortalidade e estimar os anos potenciais e produtivos de vida perdidos por esta neoplasia, em Salvador-Bahia, entre 1979 e 1997. Trata-se de um estudo de agregados de série temporal, no qual foram considerados todos os óbitos de mulheres com idade igual ou superior a 20 anos, que tiveram como causa básica de morte o câncer de colo uterino e de porção não especificada do útero. Utilizou-se como fontes de dados o CD ROM: DATA SUS/ MS, o IBGE e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia/SESAB. Os indicadores empregados foram as taxas de mortalidade específicas por idade, brutas e padronizadas por idade. Houve um decréscimo de 50,6% na taxa padronizada de mortalidade por este tipo de câncer, no período analisado, cujos valores variaram de 17,6/100.000 mulheres em 1979 a 8,7 em 1997. Observou-se ainda que o risco de morte por esta causa cresce à medida que aumenta a idade e que a sua magnitude torna-se mais expressiva a partir de 40 anos. A variação da média de anos potenciais de vida perdidos por mulher foi de 15,5 no ano de 1986 a 20,4 em 1980. Os autores concluem que a mortalidade por câncer cérvico-uterino neste município ainda é alta e discutem os possíveis fatores determinantes da evolução desta mortalidade. Destacam a necessidade de ações efetivas na prevenção da morbi-mortalidade por esta causa.When early diagnosed and treated, cervical cancer is a perfectly avoidable cause of death. In Brazil, however, mortality from cervical cancer is still high and remains a public health problem. This study is aimed at both describing the evolution of such mortality and estimating the potential and productive years of life lost due

  15. Evolução da população e da mortalidade em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, 1979 a 1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tomassini Hugo Coelho Barbosa

    2003-01-01

    Full Text Available A análise da série histórica de 1979-1997 permite perceber a evolução demográfica e da mortalidade no Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, ao longo dessas décadas. A população apresentou um declínio na velocidade de crescimento, com alteração significativa de sua estrutura etária. Observa-se, na série temporal, o declínio da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, a tendência geral de declínio das doenças infecto-parasitárias, com acentuado aumento a partir de 1996, decorrente da mudança de classificação das doenças (CID-9 para CID-10. Quanto à mortalidade infantil, destaca-se o predomínio dos óbitos na faixa neonatal. O desvendar das doenças e agravos dentro dos grandes grupos revela a importância das doenças isquêmicas do coração e doenças cerebrovasculares, dos homicídios, acidentes de transporte e da AIDS.

  16. AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DO ABANDONO DA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL NA MORTALIDADE FETAL E NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raimundo Nonato Silva Gomes

    2017-04-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a influência do abandono da assistência pré-natal na mortalidade fetal e neonatal. Métodos: Estudo avaliativo, descritivo–exploratório, de cunho documental, com abordagem quantitativa, realizado de outubro a novembro de 2014. Utilizou-se como fonte de dados, 400 declarações de óbitos e 400 fichas de investigação de óbitos fetais e neonatais, ocorridos e notificados nos anos de 2010 a 2013. Foram analisados por meio do Statistical Package for the Social Sciences, para obtenção das frequências absolutas e relativas, variáveis nominais e numéricas e Qui-quadrado de Person. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual do Maranhão (CAAE 26463814.2.0000.5554. Resultados: Quando avaliado a correlação entre o abandono do pré-natal e a mortalidade fetal e neonatal, observou-se que a mortalidade de fetos/neonatos de genitoras que abandonaram o pré-natal foi um evento crescente. Conclusão: Pôde-se confirmar a influência direta do abandono do pré-natal na mortalidade fetal e neonatal.

  17. Distribuição espacial do risco: modelagem da mortalidade infantil em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Spatial risk distribution: modeling infant mortality in Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia E. Shimakura

    2001-10-01

    Full Text Available Estimação e mapeamento de perfis de risco são interesses da Epidemiologia. Neste trabalho, é analisada a distribuição espacial de casos de mortalidade infantil, comparados a controles de nascidos vivos amostrados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. A modelagem adotada neste trabalho baseia-se em um processo pontual espacial, na qual se define uma medida de risco que varia continuamente sobre a região de estudo e estimada por meio de métodos de modelos aditivos generalizados. Essa abordagem possui a vantagem de permitir a incorporação, no modelo, de efeitos de determinantes individuais e ecológicos de risco sob forma simples e de fácil interpretação. Também permite a construção de contornos de tolerância que auxiliam na identificação de áreas de alto/baixo risco e de um teste global da hipótese nula de risco constante relativa à região. A aplicação do método aos dados de mortalidade infantil mostrou variação espacial no risco altamente significativa para mortalidade neonatal e não significativa para mortalidade pós-neonatal.Estimation and mapping of risk profiles are the main concerns of epidemiology. This paper analyzes spatial distribution of infant mortality cases as compared to live-born controls from Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The modeling framework adopted in this research work is a spatial point process. Under this structure, a risk measure which continuously varies over the study region is defined and estimated using generalized additive model methods. This approach has the advantage of allowing for risk factors that are simple and easy to interpret. The procedure also allows the construction of tolerance contours which help identify areas of significantly high/low risk and an overall test for the null hypothesis of constant risk over the region. Application of this method to infant mortality data showed a highly significant spatial

  18. Determinantes da demanda brasileira por importação de arroz do Mercosul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Henrique Dario Capitani

    2011-09-01

    Full Text Available Desde meados da década de 1990, o arroz é um dos principais produtos agrícolas importados pelo Brasil, principalmente do Uruguai e da Argentina, o que frequentemente gera questionamentos dos orizicultores brasileiros. O objetivo deste artigo é analisar os determinantes das importações brasileiras deste cereal, e para tanto, apresenta-se um modelo econômico visando analisar esta relação comercial no Mercosul, assumindo que as importações brasileiras de arroz são resultantes de um excesso de demanda doméstica pelo cereal. Utiliza-se um Modelo Autorregressivo Vetorial - VAR estrutural. Os resultados mostram uma forte relação do volume importado com o preço doméstico do arroz e com a taxa de câmbio. Verifica-se uma significativa participação do preço de importação na explicação do preço doméstico. A quantidade importada de arroz responde positivamente a um choque positivo no preço doméstico e negativamente a choques positivos no preço de importação e na taxa de câmbio. Verifica-se uma relação de bicausalidade entre o preço doméstico e o preço de importação de arroz. Uma das principais conclusões é que a demanda por importação reage imediatamente a choques no preço doméstico e taxa de câmbio, e posteriormente, a choques no preço de importação, sugerindo dificuldades em substituir imediatamente o volume importado no mercado doméstico.Since the middle of the 90's, rice has been one of the main agricultural products imported by Brazil, particularly from Uruguay and Argentina, which very often raises concerns to Brazilian rice producers. This paper aims to analyze the factors that determine the Brazilian rice imports, and therefore proposes an economic model to examine these trade flows in Mercosur, assuming that the Brazilian rice imports results from a domestic demand surplus. An econometric model Vector Auto-regressive (structural VAR is applied. Results show a strong relationship among rice imports

  19. Trauma na gestante: análise da mortalidade materna e fetal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Corsi

    Full Text Available Foram analisadas retrospectivamente 26 pacientes gestantes traumatizadas, num período de nove anos. A média de idade foi 23,7 anos (16-42. A idade gestacional variou de dez a quarenta semanas (média 21,5 semanas; a maioria (46,1% no segundo trimestre. O mecanismo predominante (65,3% foi o trauma abdominal fechado por acidente automobilístico (atropelamento ou colisão. Na admissão, oito (30,7% pacientes apresentavam alterações hemodinâmicas. Seis doentes (23,0% apresentavam sangramento vaginal e, destas, quatro estavam hemodinamicamente normais. Analisamos a mortalidade materna, a mortalidade fetal e suas causas. Comparamos também a mediana dos valores do RTS e TRISS entre os grupos, sobrevida materno-fetal, sobrevida materna e óbito materno-fetal. Todas as gestantes admitidas com sangramento vaginal apresentaram óbito fetal. A mortalidade materna foi de 11,5%, por choque hemorrágico. A mortalidade fetal foi de 30,7%, sendo que 37,5% destes óbitos foram provocados pela morte materna. A principal causa de mortalidade fetal foi o descolamento de placenta (50,0%. Os índices de trauma, RTS e TRISS, foram significativamente menor (p=0,0025 e p<0,0001 no grupo óbito materno-fetal, porém esses índices não apresentaram valor prognóstico na mortalidade fetal.

  20. Análise da tendência da mortalidade masculina no Rio de Janeiro: contribuição da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabete Pimenta Araújo Paz

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar a tendência de mortalidade entre homens no Município do Rio de Janeiro, por grupo de causas, entre 1996 e 2011. Métodos: Estudo descritivo de série temporal, utilizando dados de óbitos masculinos de residentes no Município do Rio de Janeiro, no período de 1996 a 2011, para grandes grupos de causas. Os dados foram analisados com os softwares Excel 2010 e Statistical Package for the Social Sciences (SPSS versão 22.0. Resultados: A tendência da mortalidade por grandes grupos de causas entre homens no Município do Rio de Janeiro está decrescendo, com diferença entre os grupos de causas. Porém, estes homens seguem adoecidos com o passar dos anos. Conclusão: A Política Nacional de Atenção à Saúde do Homem deve estar mais sensível a esta realidade, ofertando uma atenção em saúde capaz de reconhecer mais integralmente as necessidades de saúde desse público.

  1. Tendência da mortalidade perinatal em Belo Horizonte, 1984 a 2005 Tendencia de la mortalidad perinatal en Belo Horizonte, 1984 a 2005 Tendency of perinatal mortality in Belo Horizonte, 1984 to 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Francisca Martins

    2010-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou analisar a tendência da mortalidade perinatal no município de Belo Horizonte no período de 1984 a 2005. A fonte dos dados foi o Sistema de Informação de Mortalidade (SIM. Realizou-se regressão linear simples para estimar a tendência de redução do percentual de informações ignoradas no SIM e das taxas de mortalidade. A melhora da qualidade da informação foi estatisticamente significativa apenas para a escolaridade materna e peso ao nascer. A redução média da mortalidade perinatal no período foi de 57,52%. O decréscimo da mortalidade perinatal nas duas últimas décadas em Belo Horizonte foi significativo, mas esforços devem ser direcionados no sentido de melhorar a completude do SIM para variáveis importantes na elaboração dos indicadores perinatais.El estudio apuntó a analizar la tendencia de la mortalidad perinatal en el distrito municipal de Belo Horizonte en el periodo de 1984 a 2005. La fuente de los datos era el Sistema de Información de Mortalidad. Tuvieron lugar la regresión lineal simple para estimar la tendencia de reducción del percentil de información desconocida en el sistema y de los impuestos de mortalidad. La mejora de la calidad de la información fue los significantes sólo para la educación maternal y peso al nacer. La reducción elemento de la mortalidad perinatal en el periodo era de 57,52%. La disminución de la mortalidad perinatal en las últimas dos décadas en Belo Horizonte era significante, pero deben dirigirse los esfuerzos en el sentido de mejorar el completude del sistema para las variables importantes en la elaboración del perinatais de los indicadores.The study aimed at to analyze the tendency of the mortality perinatal in the municipal district of Belo Horizonte in the period from 1984 to 2005. The source of the data was the System of Information of Mortality. Took place simple lineal regression to esteem the tendency of reduction of the percentile of unknown

  2. Evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais nos estados brasileiros, 1980 a 2009

    OpenAIRE

    Pinto,Liana Wernersbach; Pires,Thiago de Oliveira; Silva,Cosme Marcelo Furtado Passos da; Assis,Simone Gonçalves de

    2012-01-01

    Este artigo objetiva verificar a evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais segundo a unidade da federação no período de 1980 a 2009. Na construção das séries históricas empregaram-se dados da mortalidade por suicídio (CID-9 códigos E950 a E959 e CID-10 códigos X60 a X84 e Y87.0) obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM/MS). Dados referentes à contagem populacional foram obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Na avaliação d...

  3. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kac Gilberto

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.

  4. Análise da mortalidade e das internações por doenças cardiovasculares em Niterói, entre 1998 e 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Garcia Rosa

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A redução da mortalidade por doenças cardiovasculares é observada no Brasil há anos, atribuída à queda nos fatores de risco, melhora na terapêutica e diminuição da mortalidade hospitalar. OBJETIVO: Comparar a mortalidade populacional, o coeficiente de internação e a mortalidade hospitalar em unidades do Sistema Único de Saúde, para doença isquêmica do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCBV e insuficiência cardíaca (IC, no município de Niterói, entre 1998 e 2007. MÉTODOS: Foram utilizados o número de óbitos e o de internações e mortalidade hospitalar de residentes em Niterói para o capítulo IX do CID10 e causas específicas disponíveis no Datasus, na população de 30 anos e mais. A diferença entre a magnitude dos indicadores foi calculada para homens e mulheres considerando a média do primeiro triênio menos a média do segundo triênio. RESULTADOS: Houve queda dos coeficientes de mortalidade populacional em homens e mulheres, para todas as faixas etárias, nos três grupos de causas e para o capítulo IX. A tendência à queda dos coeficientes diminuiu com a idade. Para DIC houve queda na mortalidade hospitalar. Para DCBV e IC, aumento. Os coeficientes de internação hospitalar por DIC diminuíram, com exceção de algumas faixas. CONCLUSÃO: O presente estudo permitiu esclarecer alguns aspectos da morbimortalidade cardiovascular em Niterói. A redução da mortalidade populacional e hospitalar por DIC indica haver melhor qualidade na abordagem dessa condição. O aumento da mortalidade hospitalar por DCBV e IC aponta para a necessidade de se dar maior atenção à qualidade do cuidado hospitalar para esses grupos de doenças.

  5. Determinantes externos e internos da reforma curricular do curso de medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Valéria Pavan

    2017-11-01

    Full Text Available Introdução: Em 2006, o curso de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FCMS da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP alterou seu projeto pedagógico, em prática desde a década de 1970, para utilizar métodos ativos de ensino/aprendizagem, ancorados na aprendizagem baseada em problemas. Como esperado, em uma instituição de ensino como a PUC-SP, que traz na história uma grande valorização do processo democrático, mudanças como essas não são impostas à comunidade acadêmica, mas se inserem em um contexto de ampla discussão, norteada por acontecimentos externos e internos à instituição. Objetivos: Identificar e analisar os principais determinantes externos e internos da reforma curricular de 2006. Métodos: Foram utilizadas pesquisa bibliográfica e consulta aos arquivos da FCMS da PUC-SP buscando identificar e contextualizar os movimentos sociais, institucionais e de órgãos governamentais da educação e da saúde que pretendiam mudanças curriculares nos cursos de Medicina no Brasil. Para entender os determinantes internos, buscou-se reconstruir o ambiente acadêmico no período da reforma, identificando os motivadores próprios da comunidade acadêmica. Resultados: A mudança do currículo do curso de Medicina da PUC-SP ocorreu dentro de um movimento externo amplo, voltado para a formação do profissional para além da especialização. Somou-se a isso um ambiente de insatisfação dos docentes com o modelo de ensino tradicional em prática. Conclusão: Optou-se por um modelo curricular adequado aos princípios da instituição, que incorporou as orientações das diretrizes curriculares nacionais com o compromisso de formar médicos comprometidos com o sistema de saúde do país.

  6. Codificação da sepse pulmonar e o perfil de mortalidade no Rio de Janeiro, RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Baptista Cardoso

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Descrever os óbitos com menção de sepse pulmonar, medir a associação entre sepse pulmonar e pneumonia, assim como avaliar o impacto da regra de codificação no perfil de mortalidade, com a inclusão simulada do diagnóstico de pneumonia, nas declarações de óbito (DO com menção de sepse pulmonar, no Rio de Janeiro, em 2011. Métodos: Foram identificados os óbitos com menção de sepse pulmonar independentemente da causa básica. Aos médicos atestantes, aplicou-se questionário medindo a associação entre sepse pulmonar e pneumonia. O registro de pneumonia nos prontuários dos óbitos com menção de sepse pulmonar e sem menção de pneumonia na DO foi investigado. Foi descrito o perfil de mortalidade após a inclusão simulada do código de pneumonia nas declarações com sepse pulmonar. Resultados: Sepse pulmonar correspondeu a 30,9% das menções de sepse e a menção de pneumonia estava ausente em 51,3% dessas declarações. Pneumonia constava em 82,8% da amostra de prontuários investigados. Dos médicos entrevistados, 93,3% relataram pneumonia como a mais frequente causa de sepse pulmonar. A simulação revelou que a inclusão da pneumonia alterou a causa básica de 7,8% dos óbitos com menção de sepse e 2,4% de todos os óbitos, independentemente da causa original. Conclusão: Sepse pulmonar está associada à pneumonia e a simples inclusão do código de pneumonia nas declarações de óbito com menção de sepse pulmonar impactaria o perfil de mortalidade, apontando necessidade de aprimoramento das regras de codificação na Classificação Internacional de Doenças (CID-10.

  7. Determinantes sociais da saúde e qualidade de vida de cuidadores de crianças com câncer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca Silveira Rocha

    Full Text Available RESUMO Objetivo Associar os determinantes sociais de saúde e a qualidade de vida de cuidadores de crianças com câncer. Métodos Estudo transversal, realizado em centro pediátrico do câncer, em Fortaleza/CE, com 176 participantes, durante novembro e dezembro/2013. Utilizou-se questionário contendo determinantes sociais de saúde e World Health Quality of Life-Bref para a avaliação da qualidade de vida. Foram correlacionados os determinantes com as médias dos domínios da qualidade de vida, utilizando a análise de variância (ANOVA. Resultados Houve significância estatística na associação entre o domínio das relações sociais e a escolaridade (p=0,01792 e entre o domínio psicossocial e o sexo do cuidador (p=0,01901. Os cuidadores do sexo masculino, nível educacional alto, mais jovens, casados, do lar e procedentes do interior possuem melhor qualidade de vida. Conclusão O estudo permitiu a compreensão da influência dos determinantes sociais de saúde na qualidade de vida de cuidadores de crianças com câncer.

  8. Análise da mortalidade numa unidade hospitalar de tuberculose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Gomes

    2002-05-01

    Full Text Available RESUMO: Efectuámos um estudo transversal que abarcou a totalidade dos doentes falecidos na nossa Unidade, de Abril de 1999 a Abril de 2001.Analisámos: 1 características clínico-epide miológicas referentes à idade, sexo, raça, classificação dos casos de tuberculose (baseada no sistema de notificação da OMS, dias de internamento, número de tratamentos antibacilares prévios e forma de tuberculose; 2 grupos nosológicos, de acordo com infecção VIH e/ou tuberculose multirresistente (TBMR concomitante, patologia associada, complicações e causa de morte; 3 parâmetros laboratoriais à data da admissão (concentração de hemoglobina, neutrófilos totais, leucócitos totais, crea- tinina, TGO, TGP, LDH, amilase, albumina, pH, PaO2, PaCO2, CD4, carga viral e resultados do teste de sensibilidade aos antibacilares.Foram revistos 32 processos clínicos que se distribuíram segundo 4 grupos: VIH(+/TB-11 (34,4%; VIH(+/TBMR-7 (21,9%; TB-10 (31,3%; TBMR-4 (12,4%. Em relação à patologia associada contabilizámos 18 casos de SIDA (56,2%, 6 com doença neoplásica e/ou imunossupressão “minor” (18,8% e 5 casos de doença pulmonar crónica (15,6%. A causa de morte foi atribuída a uma complicação não relacionada com a tuberculose ou patologias associadas em 18 doentes (56,2%, à SIDA em 7 casos (21,9% e à TB também em 7 doentes (21,9%.Concluímos que o grupo cuja causa de morte foi a TB se caracterizou por ser constituído por doentes de escalão etário superior, representando casos novos a que não se associaram complicações; pelo contrário, no grupo cuja causa de morte foi a SIDA figuravam os casos de retratamento por interrupção da terapêutica antibacilar, em doentes maioritariamente mais jovens. Níveis elevados de TGO associaram-se significativamente às complicações relativas ao aparelho cardiovascular

  9. VARIÁVEIS DETERMINANTES DA PRECIFICAÇÃO BASEADA NO VALOR PARA O CONSUMIDOR EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlei Mecca

    2005-06-01

    Full Text Available Instituições de ensino superior privadas precisam avaliar os fatores críticos considerados pelos acadêmicos no momento da escolha da instituição, bem como monitorar as variáveis estratégicas determinantes no processo de satisfação dos consumidores. Assim, o  artigo identifica as variáveis determinantes da precificação baseada no valor entregue ao consumidor em instituições de ensino superior privadas. Para tanto, realizou -se um estudo descritivo, por meio de uma pesquisa em  três instituições de ensino superior privadas. Para a coleta dos dados utilizou-se um questionário fechado, a fim de identificar os fatores determinantes da precificação fundamentada no valor para o consumidor, segundo o modelo de Philip Kotler. Os resultados da pesquisa mostram que as principais variáveis de valor total para o consumidor são a   qualificação do corpo docente, qualidade do curso, retorno dos investimentos e adequação dos recursos físicos. Entre as variáveis de custo total para o consumidor foram apontados os horários de aulas, o tempo e custo  com deslocamento, valor da mensalidade, as  atividades complementares e a carga horária do curso.

  10. Preditores cardiovasculares da mortalidade em idosos longevos Cardiovascular mortality predictors in the oldest old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Pedro Marafon

    2003-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é investigar a associação entre fatores de risco e morbidade cardiovascular com mortalidade em idosos longevos. Noventa e um por cento da população com idade ³ 80 anos (n = 193 de Veranópolis, Rio Grande do Sul, no ano de 1996, foram avaliados para a detecção de fatores de risco e morbidade cardiovascular. Acompanhou-se esta população durante 3 anos e registraram-se os casos de óbitos. Os dados foram analisados por análise univariada e multivariada por regressão logística. Ocorreram 41 (21% óbitos (20 homens e 21 mulheres. As mortes foram distribuídas ao longo do período estudado como se segue: 3 (7,3% no primeiro ano, 8 (19,5% no segundo ano e 30 (73,2% no terceiro ano. Observou-se associação significativa de óbito com as seguintes características: pressão arterial diastólica (PAD, colesterol total (CT, LDL-C, ApoA-I, acidente vascular encefálico prévio (AVC, bloqueio do ramo direito (BRD e hipertrofia ventricular esquerda (HVE ao ECG. Os sobreviventes apresentaram níveis mais elevados de PAD, CT, LDL-C e ApoA-I. AVC, BRD e HVE. A análise multivariada mostrou que as variáveis eram fatores de risco independentes. Os fatores de risco cardiovascular parecem atuar de forma diferenciada em longevos.This article investigates the association between cardiovascular risk factors and cardiovascular morbidity and mortality in the oldest old. In 1996, 91% of the population ³ 80 years of age from Veranópolis, Rio Grande do Sul State, Brazil, were evaluated to detect cardiovascular risk factors and morbidity. The sample was followed up for three years, with the assessment of deaths. The analysis was done using univariate statistics and multivariate logistic regression analysis. There were 41 deaths (21%: 20 men and 21 women. Deaths were distributed by year as follow: 03 (7.3% in the first year, 08 (19.5% in the second, and 30 (73.2% in the third. There was a significant and independent association

  11. Determinantes dos arranjos contratuais: o caso da transação produtor-processador de carne bovina no Uruguai

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Mondelli

    2008-09-01

    Full Text Available Quais os determinantes da escolha do arranjo contratual nas transações entre produtores e processadores de carne bovina? A pergunta problema se insere no estudo dos mecanismos associados à coordenação da produção para dar respostas às preocupações dos consumidores. Observa-se a coexistência de arranjos contratuais nos sistemas produtivos de carne bovina, entre os quais a transação direta entre o pecuarista e o frigorífico, ou via intermediário especializado. A Economia dos Custos de Transação (ECT pode ser utilizada para explicar a escolha dos arranjos contratuais observados, como resposta aos desafios de ganhos de eficiência "economizando" nos custos das transações. O presente estudo focaliza o sistema agroindustrial de carne bovina uruguaio, sendo estruturado em três partes. Primeiro a análise do histórico das relações entre produtores e processadores, e mudanças do ambiente institucional. A seguir, a partir das dimensões da transação (freqüência, especificidade de ativo e incerteza geram-se hipóteses a respeito dos determinantes da escolha dos arranjos contratuais. Finalmente as hipóteses são testadas a partir de um modelo logit. Utiliza-se um painel de dados com a totalidade de transações realizadas entre produtores e processadores fornecidos pelo Ministério de Agricultura do Uruguai (77.000 transações. Os resultados validam estatisticamente as hipóteses levantadas a respeito dos determinantes da escolha do arranjo contratual entre produtores e processadores. Uma transação tem maior probabilidade de se alinhar com o arranjo contratual direto (mais coordenado quanto maior o grau de ativos específicos envolvidos no produto, quanto menor a distância entre o produtor e o processador e quanto maior a freqüência de transações entre as partes envolvidas, corroborando a teoria de ECT.What are the determinants of the commercial channel choice in the beef producers-processors transactions? The question

  12. Determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes Determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes Determinatives of family caregiver's tension while caring the dependent elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Melo Fernandes

    2009-02-01

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar os determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes. Sua efetividade se deu no cenário domiciliar, envolvendo trinta cuidadoras principais. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada gravada. A análise dos dados objetivos foi feita mediante uma abordagem quantitativa. Os dados discursivos, coletados por meio da gravação da entrevista, por serem apreendidos a partir de um instrumento estruturado, dispensaram procedimento analítico, sendo distribuídos entre as questões a que se referiam no sentido de ampliar sua compreensão. Os resultados apontam que o fenômeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados ao cuidador, aos déficits do idoso, à interação idoso/cuidador, ao ambiente, e às demandas de cuidado.Este estudio objetivó investigar los determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes. Su efectividad se dio en el escenario domiciliar, envolviendo a treinta cuidadoras principales. Los datos fueron colectados por medio de entrevista estructurada grabada. El análisis de los datos objetivos fue hecho mediante un abordaje cuantitativo. Los datos discursivos, colectados por medio de la grabación de la entrevista, por ser aprehendidos a partir de un instrumento estructurado, dispensaron procedimiento analítico, siendo distribuidos entre las cuestiones a que se referían en el sentido de ampliar su comprensión. Los resultados apuntan que el fenómeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados al cuidador, a los déficits del anciano, a la interacción anciano/cuidador, al ambiente, y a las demandas de cuidado.This study had as objective investigate the determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver. Its accomplish happened in the domestic scenery, involving thirty principal caregivers. The data were collected by a recorded and estructured interview. The analyses of the

  13. Determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes Determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes Determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Melo Fernandes

    2009-06-01

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar os determinantes da tensão do cuidador familiar de idosos dependentes. Sua efetividade se deu no cenário domiciliar, envolvendo trinta cuidadoras principais. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada gravada. A análise dos dados objetivos foi feita mediante uma abordagem quantitativa. Os dados discursivos, coletados por meio da gravação da entrevista, por serem apreendidos a partir de um instrumento estruturado, dispensaram procedimento analítico, sendo distribuídos entre as questões a que se referiam no sentido de ampliar sua compreensão. Os resultados apontam que o fenômeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados ao cuidador, aos déficits do idoso, à interação idoso/cuidador, ao ambiente, e às demandas de cuidado.Este estudio objetivó investigar los determinantes de la tensión del cuidador familiar de ancianos dependientes. Su efectividad se dio en el escenario domiciliar, envolviendo a treinta cuidadoras principales. Los datos fueron colectados por medio de entrevista estructurada grabada. El análisis de los datos objetivos fue hecho mediante un abordaje cuantitativo. Los datos discursivos, colectados por medio de la grabación de la entrevista, por ser aprehendidos a partir de un instrumento estructurado, dispensaron procedimiento analítico, siendo distribuidos entre las cuestiones a que se referían en el sentido de ampliar su comprensión. Los resultados apuntan que el fenómeno investigado se origina a partir de determinantes relacionados al cuidador, a los déficits del anciano, a la interacción anciano/cuidador, al ambiente, y a las demandas de cuidado.This study had as objective investigate the determinatives of the tension of the dependent elderly's family caregiver. Its accomplish happened in the domestic scenery, involving thirty principal caregivers. The data were collected by a recorded and estructured interview. The analyses of the

  14. Determinantes na funcionalidade de idosos da estratégia saúde da família – revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano DRUMMOND

    2012-12-01

    Full Text Available O envelhecimento pode ser acompanhado de alterações funcionais, e a Estratégia Saúde da Família (ESF é um programa que atende a uma grande demanda de idosos da comunidade. Objetivo: descrever quais os fatores determinantes na funcionalidade de idosos atendidos pela ESF. Metodologia: tratase de uma revisão integrativa da literatura, de artigos publicados em três (3 bancos de dados, de 2001 a 2011, de acordo com os descritores idoso, Programa Saúde da Família, aptidão física e funcionalidade. Resultados: fatores intrínsecos como idade avançada, o sexo feminino e apresentar doenças, como diabetes, hipertensão arterial e outras reumáticas e neurológicas, influenciam tanto quanto fatores extrínsecos ou socioeconômicos e demográficos, como o baixo nível de renda e de escolaridade. Conclusão: a dependência funcional variou entre 4,2 a 55%, com vários fatores de influência, os quais devem ser avaliados por cada equipe Saúde da Família para uma proposta de intervenção mais eficaz.

  15. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços de hotelaria Satisfaction determinants and quality attributes in hotel services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Musse Branco

    2010-12-01

    Full Text Available Este artigo apresenta a identificação de atributos de qualidade percebida e a construção de um modelo de associação entre os determinantes da satisfação de clientes para serviços de hotelaria. A pesquisa foi realizada através de um levantamento (survey conduzido junto a 100 clientes do serviço em estudo. A principal contribuição deste trabalho é a proposição de um modelo que detalha a força do relacionamento entre os determinantes da satisfação dos clientes e a hierarquização dos atributos que exercem maior influência sobre a qualidade percebida para serviços de hotelaria. Os resultados obtidos podem ser utilizados pelos gestores de hotéis para melhorar a satisfação dos clientes, contribuindo para o crescimento da organização. O trabalho desenvolvido complementa estudos realizados na área de qualidade e satisfação de clientes nos serviços de hotelaria.This paper addresses the identification of quality attributes and the construction of a model to describe the relationship among satisfaction determinants for hotel services. The research was conducted surveying 100 clients of the service under focus. The principal contribution of this study concerns the proposal of a model which details the strength of the relationship among satisfaction determinants and ranks the attributes that influence customer-perceived quality in hotel services. Results can be used by hotel managers to achieve customer satisfaction and improve the company's income. This research complements other studies on quality and customer satisfaction in hotel services.

  16. Determinantes da qualidade da informação contábil em grandes companhias abertas listadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geovanne Dias de Moura

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar os fatores que influenciam na qualidade da informação contábil das maiores empresas listadas na BM&Bovespa. Método: Pesquisa realizada em uma amostra composta por 100 companhias abertas. A qualidade da informação foi analisada por meio de um índice desenvolvido por Fathi (2013, composto por 78 itens e que contemplam informações obrigatórias e voluntárias. Os fatores determinantes observados foram governança corporativa, empresa de auditoria, existência de comitê de auditoria, concentração acionária, investidores institucionais e internacionalização da empresa. Resultados: Os resultados revelaram um índice médio de evidenciação equivalente a 78%. A maioria das companhias estavam listadas em níveis diferenciados de governança; eram auditadas por big four e possuíam Comitê de Auditoria. O percentual médio de concentração acionária foi 41,37%; em 44% delas havia investidores institucionais no quadro acionário; e apenas 19% negociavam ações em bolsa americana. Em relação aos fatores determinantes, verificou-se que o fato de a empresa ser auditada por big four; possuir Comitê de Auditoria; possuir participação acionária de investidores institucionais; e negociar ações em bolsa americana reflete-se em informações divulgadas de melhor qualidade. Contribuições: Os achados fornecem evidências adicionais para a literatura existente, além de serem relevantes para os diversos usuários das informações contábeis, tais como analistas e investidores.

  17. Migração interna e a distribuição da mortalidade por doença de Chagas, Brasil, 1981/1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Drumond João Augusto Guimarães

    2006-01-01

    Full Text Available No Brasil, observa-se mortalidade por doença de Chagas até em áreas reconhecidas como livres da transmissão vetorial. Considerando que as taxas de mortalidade referem-se a residentes, e que houve imenso movimento migratório interno no país, este estudo objetiva quantificar a participação dos migrantes brasileiros no obituário por doença de Chagas de 1981 a 1998. Por outro lado, se os trabalhos da Iniciativa do Cone Sul alcançaram o sucesso que se propaga, espera-se que tenha havido redução das taxas de mortalidade e aumento na idade em que ocorrem os óbitos por essa causa. Dos 68.936 óbitos em brasileiros com naturalidade conhecida, 32.369 (32% foram em nascidos em outras Unidades da Federação que não a de residência do falecido, cifra que variou de 0,3% no Rio Grande do Sul a 100% em Roraima e Amapá. A maioria (67% desses óbitos em migrantes ocorreu em naturais de Minas Gerais (51% e Bahia (16%. As taxas de mortalidade em residentes mostraram declínio sustentado no Sudeste, Sul e Centro-oeste, mas não no Nordeste e Norte, onde as idades medianas de morte foram as mais baixas.

  18. Determinantes biopsicossociais do processo de inclusão laboral da pessoa estomizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Cristina Mauricio

    2014-06-01

    Full Text Available Estudo cujo objeto tratou dos determinantes biopsicossociais dos estomizados que facilitam e/ou dificultam sua inclusão laboral. Os objetivos foram identificar e analisar as dificuldades e facilidades das pessoas com estoma para inclusão no trabalho. Pesquisa descritivo-exploratória, qualitativa, realizada com 20 estomizados através de entrevista semiestruturada; utilizandose Análise Temática de Conteúdo. Os resultados revelaram que as principais dificuldades dos estomizados para adentrarem ao ambiente laboral foram a perda do controle esfincteriano, o isolamento social e a falta de oportunidades de empregos adequados à sua nova condição de saúde. Os principais agentes facilitadores foram a criação de banheiros adaptados e a flexibilidade de horários. Conclui-se que as mudanças biopsicossociais causadas pela presença do estoma podem dificultar a inclusão no trabalho do estomizado, porém, com o apoio social, podem-se criar condições flexíveis que os auxiliem em seu retorno às atividades laborativas.

  19. MORTALIDADE FEMININA E ANOS DE VIDA PERDIDOS POR HOMICÍDIO/AGRESSÃO EM CAPITAL BRASILEIRA APÓS PROMULGAÇÃO DA LEI MARIA DA PENHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia de Araújo Amaral

    2013-01-01

    Full Text Available La violencia contra la mujer es un fenómeno que afecta a todas las personas en todas las partes del mundo. En Brasil, en 2006, se promulgó la Ley 11.340/2006, bautizada como Ley Maria da Penha, con la función basilar de cohibir la violencia domestica, familiar y afectiva. La finalidad del estudio fue comparar la mortalidad femenina por agresión/homicidio antes y después de la Ley en Rio Branco, Acre, Brasil. Fue desarrollado un estudio ecológico con víctimas de agresión y homicidios registrados en el Sistema de Información de Mortalidad, del 2002 al 2010. Las mujeres víctimas de homicidio tenían entre 21 e 25 años (28,6%, bajo nivel de escolaridad (39,3% y sin ocupación (64,3%. La incidencia de óbitos mostró disminución seguido por aumento en los últimos dos años, con reflejos en los Años Potenciales de Vida Perdidos en el rango de edad de 16 a 39 años. La Ley Maria da Penha es una realidad en el país y tiene papel relevante en la sociedad por esa razón su efectividad e influencia deben ser analizadas en otras investigaciones.

  20. Migração interna e a distribuição da mortalidade por doença de Chagas, Brasil, 1981/1998

    OpenAIRE

    Drumond João Augusto Guimarães; Marcopito Luiz Francisco

    2006-01-01

    No Brasil, observa-se mortalidade por doença de Chagas até em áreas reconhecidas como livres da transmissão vetorial. Considerando que as taxas de mortalidade referem-se a residentes, e que houve imenso movimento migratório interno no país, este estudo objetiva quantificar a participação dos migrantes brasileiros no obituário por doença de Chagas de 1981 a 1998. Por outro lado, se os trabalhos da Iniciativa do Cone Sul alcançaram o sucesso que se propaga, espera-se que tenha havido redução da...

  1. Uma análise sistêmica dos determinantes da fragilidade financeira Minskyana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Fonseca Morello

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente artigo é identificar os fundamentos, próprios à dimensão da atividade produtiva, da capacidade de uma empresa capitalista para financiar internamente suas operações. Adotando-se a concepção de Minsky, constrói-se um modelo computacional microeconômico. A emulação do lado real e do lado financeiro de uma economia, a partir de apenas um algoritmo comportamental, i.e., de apenas um tipo de agente, firmas, no caso, é a principal característica do modelo. Os resultados são: (i é possível, a pena de um erro estatístico não superior a 5%, classificar uma firma como hedge ou não-hedge, com base apenas no conhecimento da taxa de realização da produção, da proporção do valor do produto correspondente ao custo de produção e da sensibilidade do investimento à taxa de lucro esperada e; (ii tal possibilidade sustenta-se dinamicamente.

  2. Quando a pobreza lhes rouba os filhos: a pobreza como determinante da perda do poder familiar

    OpenAIRE

    Guimarães de Vasconcelos, Sabrina

    2006-01-01

    Neste trabalho, buscou-se comprovar a relação existente entre a pobreza e a decretação da perda do poder familiar, tendo em vista o dispositivo legal que determina que a pobreza não é motivo suficiente para tal medida e que as famílias, neste caso, devem ser obrigatoriamente incluídas em programas oficias de auxílio. Para tanto, realizou-se o estudo de um caso de uma ação sentenciada em 2005 na 2ª Vara da Infância e Juventude da Capital, no qual houve a intervenção ...

  3. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços bancários Satisfaction determinants and quality attributes in bank services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Duarte Ribeiro

    2010-12-01

    Full Text Available A qualidade percebida e a satisfação dos clientes são elementos essenciais para a competitividade das instituições bancárias. Assim, é importante identificar os fatores que determinam a percepção de qualidade e satisfação do ponto de vista dos clientes que utilizam esse tipo de serviço. O objetivo deste artigo é a construção de um modelo de relacionamento entre os determinantes de satisfação de clientes e a identificação dos principais atributos que afetam a qualidade percebida dos clientes de serviços bancários. Para isto, foram aplicadas duas pesquisas descritivas. Na primeira fase das pesquisas, utilizou-se a abordagem proposta por Tinoco e Ribeiro (2007 para identificar as relações entre determinantes e construir o modelo de satisfação de clientes. Na segunda fase, foram levantados e hierarquizados os principais atributos de qualidade percebida do ponto de vista dos clientes. Entre os resultados obtidos destacam-se como principais determinantes da satisfação de clientes a confirmação de expectativas e a qualidade percebida. Entre atributos mais importantes que afetam a qualidade percebida podem ser citados: funcionários com conhecimento e habilidade devidos, serviço feito corretamente na primeira vez, tarifas bancárias baratas, transparência e lealdade nas negociações, e presença de funcionários que buscam tornar o serviço mais ágil.Perceived quality and customer satisfaction are essential elements for competitiveness of banking institutions. Therefore, it is important to identify customers' view of banks about drivers of quality perception and satisfaction. This paper presents a relationship model of determinant factors of satisfaction and the identification of key quality attributes for bank services. The model was built conducting two customer surveys. Firstly, the approach proposed by Tinoco and Ribeiro(2007 was applied to identify the relationship among the determinants and to build a satisfaction

  4. CONTRIBUIÇÕES PARA A GESTÃO DE REDES INTERORGANIZACIONAIS: FATORES DETERMINANTES PARA A SAÍDA DE EMPRESAS PARCEIRAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leander Luiz Klein

    Full Text Available As redes de cooperação entre empresas são estratégias usadas pelos gestores para atuar no mercado com o intuito de gerar mais valor às empresas e obter vantagem competitiva. Entretanto, verifica-se empiricamente que um número significativo de empresas saem das redes em que estavam inseridas. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo identificar os fatores determinantes da saída de empresas das redes interorganizacionais das quais participavam. Para isso, foi realizado um estudo quantitativo com 140 empresas que pertenciam a redes de cooperação do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta de dados, foi utilizado um questionário formado por 15 dimensões distintas, cada uma composta por 5 questões. Os dados foram tabulados em uma planilha do Excel e, posteriormente, analisados com a utilização do sofware AMOS 18. Os resultados confirmaram como fatores determinantes da saída das empresas das redes os Laços Sociais Anteriores Fracos, Seleção de Parceiros não estruturada, Gestão Individualizada, Falta de Confiança e Comprometimento, Baixa de Aprendizagem Interorganizacional, dentre outros. Os fatores determinantes encontrados nessa pesquisa ressaltaram a dificuldade que impera sobre as estruturas de governança e a gestão de redes. O desafio é organizar a rede de forma a evitar possíveis disfunções oriundas das decisões da gestão e amenizar os problemas identificados, fazendo com que as empresas se mantenham nas redes, gerando retornos e vantagens competitivas a elas.

  5. Prevenção da mortalidade materna: desafio para o enfermeiro Prevención de la mortalidad materna: un desafío para la enfermera Maternal mortality prevention: a challenge for nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Santos Barbastefano

    2009-04-01

    Full Text Available Neste artigo analisamos os principais aspectos sobre a mortalidade materna, tendo como objetivo a promoção de ações preventivas para a morte materna evitável. Verifica-se que entidades como a ADVOCACY têm significativa participação nos projetos visando redução das taxas de mortalidade materna e o ajustamento de condutas de proteção aos direitos da mulher. Observa-se ainda que a SES, através das Resoluções nº 1.052/95 e nº 1.642/2001, expressa a política estadual para redução do problema. Conclui-se que há indícios de vontade política nas propostas e projetos para redução das taxas de mortalidade materna evitável, porém não há cobrança da sua efetividade. Profissionais da saúde como o enfermeiro, precisam reunir esforços, conscientização e sensibilização em suas ações preventivas.En este artículo se analizan los aspectos principales sobre mortalidad maternal que tiene como objetivo la promoción de acciones preventivas para la muerte materna evitable. Se verifica que las entidades como la ADVOCACY tienen participación significante en los proyectos que buscan la reducción de la tasa de mortalidad materna y el ajuste de procedimientos de protección de los derechos de la mujer. También se observa que la Secretaria Estatal de Salud, a través de las Resoluciones nº 1.052/95 y nº1.642/2001, expresa las políticas estatales para la reducción del problema. Se concluye que hay indicaciones de voluntad política sobre las propuestas y proyectos para reducir las tasas de mortalidad materna evitables. Sin embargo no hay demandas sobre su efectividad. Los profesionales de salud como enfermeras necesitan recoger los esfuerzos, y también una actitud de comprensión y sensibilidad en sus acciones preventivas.In this article theprincipal aspects about maternal mortality are analyzed, with the objective the promotion of preventive actions for the avoidable maternal death. It is verified that entities as ADVOCACY have

  6. Determinantes individuais e contextuais da carie em criancas brasileiras de 12 anos em 2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Matias Freire

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e gravidade de cárie em crianças brasileiras e sua associação com fatores individuais e contextuais. MÉTODOS: Foram utilizados os dados da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (SBBrasil 2010, em uma amostra de 7.247 crianças de 12 anos. Os dados foram coletados por meio de exames clínicos e entrevistas. As variáveis dependentes foram as prevalências de cárie (dentes permanentes cariados, perdidos ou obturados [CPOD] ≥ 1 e CPOD ≥ 4. Foram realizadas análises bivariadas (teste de Rao-Scott e multinível (regressão de Poisson. As variáveis individuais foram sociodemográficas, condição periodontal e relato de incômodo ao escovar os dentes. Os fatores contextuais foram a presença de água fluoretada, a porcentagem de domicílios ligados à rede de abastecimento de água e a renda mediana do município. RESULTADOS: A prevalência de CPOD ≥ 1 foi 56,0%. O CPOD médio foi igual a 2,04 (IC95% 1,76;2,31 e 22,2% das crianças tinham CPOD ≥ 4. A experiência de cárie foi significantemente mais elevada em crianças de cor de pele preta, parda e amarela; em famílias com renda mais baixa; em crianças com cálculo dentário ou sangramento gengival; e naquelas que relataram incômodo ao escovar. Viver em cidades sem água fluoretada, com menor cobertura da rede de abastecimento de água e com renda mediana baixa foram fatores contextuais associados à doença. CONCLUSÕES: A prevalência de cárie em crianças brasileiras de 12 anos foi baixa, de acordo com os critérios da Organização Mundial da Saúde. Houve significantes desigualdades geográficas e socioeconômicas nos níveis da doença.

  7. Determinantes da demanda internacional de carne bovina brasileira: evidências de quebras estruturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laércio Juarez Melz

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é verificar as variáveis de impacto na demanda internacional por carne bovina entre janeiro de 1995 e junho de 2013. O método utilizado foi de Mínimos Quadrados Ordinários com Quebras, obtendo-se quatro quebras, cinco regimes. As variáveis independentes na regressão foram os preços de exportação e internos das carnes de bovinos, frangos e suínos, além da renda e da taxa de câmbio. No primeiro regime, a demanda por carne bovina foi elástica em relação aos preços, tanto interno quanto externo, da carne de frango e preço interno da carne bovina. Porém, a elasticidade-renda foi mais significativa. No segundo regime, a relação de preços externos foi inelástica. A elasticidade-renda foi significativa neste regime e houve impacto da taxa de câmbio. No terceiro regime, a demanda foi inelástica em relação aos preços externos das carnes de frango e bovina e elástica aos preços internos das mesmas carnes. A taxa de câmbio também teve impacto significativo. No quarto regime, a demanda foi elástica em relação ao preço interno e inelástica em relação aos preços externos e internos do frango. A renda passa a ser novamente significativa. No quinto regime, a demanda é elástica em relação ao preço externo dos suínos, interno do bovino e à renda. Houve tendência significativa de crescimento no segundo regime e de recessão no primeiro e terceiro regimes.

  8. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos Determinant factors of functional status among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.OBJECTIVE: To investigate the impact of health-related demographic and socioeconomic factors, as well as the impact of factors associated to social activity and the subjective health evaluation on the functional status of elderly people. METHODS: A cross-sectional multicentric study was conducted in a representative population

  9. Características ambientais determinantes da capacidade produtiva de sítios cultivados com eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. A. Braga

    1999-06-01

    Full Text Available A análise discriminante foi utilizada com o objetivo de identificar as características ambientais determinantes da qualidade de sítios florestais da região do mar de morros, no Médio Rio Doce (MG. Cinqüenta e oito unidades de amostra, com 480 m² (20 x 24 m, de povoamentos de Eucalyptus grandis com 5,5 anos de idade, implantados em dezembro de 1987, espaçamento 3 x 2 m, foram agrupadas em três classes de sítio. O projeto ocupa área de 1.465 ha no município de São João Evangelista (MG. Há predomínio de Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico ou álico textura média a argilosa fase floresta subperenifólia relevo forte ondulado e montanhoso, associado com Latossolo Câmbico e Latossolo Regossólico, formado sobre embasamento granito-gnaisse do Grupo Paraíba. Um modelo discriminante com duas funções lineares foi gerado, observando o grau de acerto na classificação das parcelas nas classes de sítio originais. As variáveis incluídas no modelo foram selecionadas por procedimento Stepwise, tendo como critério de seleção a maximização da Distância Generalizada de Mahalanobis. O modelo classificou corretamente 86,2% das parcelas. As oito características ambientais incluídas no modelo foram: altitude, pedoforma, declividade, radiação solar, floculação de argila (0-20 cm, relação silte/argila (40-60 cm e relação cálcio/soma de bases trocáveis (0-20 e 40-60 cm. Destacaram-se as características fisiográficas, que representam, indiretamente, fatores de ação direta sobre o crescimento do povoamento, devendo ser observadas, prioritariamente, na seleção de áreas para implantação e manutenção de florestas comerciais de eucalipto.

  10. Socio-demographic determinants of self-rated health in Brazil Determinantes sócio-demográficos da auto-avaliação da saúde no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Landmann Szwarcwald

    2005-01-01

    Full Text Available Self-rated health has been used extensively in epidemiologic studies, not only due to its importance per se but also due to the validity established by its association with clinical conditions and with greater risk of subsequent morbidity and mortality. In this study, the socio-demographic determinants of good self-rated health are analyzed using data from the World Health Survey, adapted and carried out in Brazil in 2003. Logistic regression models were used, with age and sex as covariables, and educational level, a household assets index, and work-related indicators as measures of socioeconomic status. Besides the effects of sex and age, with consistently worst health perception among females and among the eldest, the results showed pronounced socioeconomic inequalities. After adjusting for age, among females the factors that contributed most to deterioration of health perception were incomplete education and material hardship; among males, besides material hardship, work related indicators (manual work, unemployment, work retirement or incapable to work were also important determining factors. Among individuals with long-term illness or disability, the socioeconomic gradient persisted, although of smaller magnitude.A auto-avaliação da saúde vem sendo amplamente utilizada nos estudos epidemiológicos, não só por ser importante por si, mas também pela sua validade, estabelecida por suas relações com as condições clínicas e com o maior risco de morbi-mortalidade subseqüente. Neste trabalho, são analisados os determinantes sócio-demográficos da auto-avaliação de saúde boa, utilizando os dados da Pesquisa Mundial de Saúde, inquérito domiciliar realizado no Brasil, em 2003. Foram utilizados modelos de regressão logística, considerando idade e sexo como co-variáveis, e o grau de instrução, a posse de bens no domicílio e a situação de trabalho como indicadores do nível sócio-econômico. Além das diferenças por sexo e

  11. Determinantes da divulgação ambiental em companhias abertas holandesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dion van de Burgwal

    2014-04-01

    Full Text Available Estudos anteriores relataram resultados variados sobre a relação entre a divulgação ambiental empresarial e o desempenho ambiental. O objetivo deste artigo é identificar variáveis que têm impacto significativo no nível das práticas de divulgação ambiental adotadas por companhias abertas holandesas. Para testar o nível de divulgação ambiental, utiliza-se um quadro de análise de conteúdo. Esse quadro, baseado nas diretrizes para a elaboração de relatórios de sustentabilidade do Global Reporting Initiative, foi desenvolvido por Clarkson, Li, Richardson, e Vasvari (2008 em colaboração com um especialista em divulgação ambiental. Este estudo é um dos primeiros a aplicar esse quadro abrangente, que pode ser útil para aqueles usuários que visam avaliar a verdadeira exposição ambiental de uma empresa. Além disso, não foram encontrados, na literatura, estudos que investigassem variáveis com impacto significativo nas práticas de divulgação das empresas holandesas. As informações ambientais referentes ao ano de 2008 foram coletadas de uma mostra de 28 companhias abertas holandesas, representando 90% da capitalização total do mercado na bolsa de valores holandesa e as variáveis selecionadas, que possivelmente afetam o nível /hyhde divulgação ambiental, são o tamanho da companhia, o setor industrial e a lucratividade. Os testes estatísticos comprovaram a existência de uma associação significativa e positiva entre o tamanho do setor e o nível de divulgação ambiental. Esse resultado está de acordo com pesquisas anteriores em que foram usadas outras medidas de divulgação ambiental. Porém, não foi observada associação estatisticamente significativa entre a lucratividade e o nível de divulgação ambiental. Isso pode ser devido ao impacto da crise financeira que começou em 2007/2008.

  12. Impacto da vacinação contra influenza na mortalidade por doenças respiratórias em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Maria Stolses Bergamo Francisco

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: As doenças respiratórias, particularmente as infecciosas, vêm se tornando cada vez mais representativas na morbi-mortalidade da população idosa. O objetivo do estudo foi analisar a tendência de mortalidade por doenças respiratórias e observar o impacto da vacinação contra influenza nos coeficientes de mortalidade. MÉTODOS: O estudo foi realizado no período de 1980 a 2000 em idosos residentes no Estado de São Paulo, utilizando-se dados de mortalidade do Sistema de Informações de Mortalidade do Ministério da Saúde. Trata-se de estudo ecológico de séries temporais. Foram analisadas as tendências das taxas padronizadas de mortalidade por doenças respiratórias infecciosas, segundo faixas etárias (60 a 64, 65 a 69, 70 a 74, 75 a 79 e 80 ou mais anos e sexo, por meio de modelos de regressão polinomial. Foram calculados intervalos de confiança para a resposta média esperada nos anos subseqüentes à intervenção. RESULTADOS: Os coeficientes aumentaram para ambos os sexos na população idosa. Após a intervenção nota-se tendência ao declínio dos indicadores de mortalidade. Para a população idosa masculina, o coeficiente médio no período de 1980 a 1998 foi de 5,08 óbitos por mil homens com aumento linear não constante de 0,13 ao ano; em 2000, o coeficiente observado foi de 4,72 óbitos por mil homens. Já para as mulheres de 60 anos e mais, o coeficiente anual médio foi de 3,18 óbitos por mil mulheres com incremento não constante de 0,08 ao ano; no ano de 2000 o coeficiente observado foi 2,99 óbitos por mil mulheres, além da redução significativa dos mesmos em todas as faixas etárias. CONCLUSÕES: Os dados indicam a importância das doenças respiratórias entre os idosos e sugerem que a proteção específica contra influenza tem se refletido positivamente na prevenção da mortalidade por essas doenças.

  13. Mineração de dados e características da mortalidade infantil Data mining and characteristics of infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossana Cristina Xavier Ferreira Vianna

    2010-03-01

    Full Text Available O estudo busca identificar padrões de características materno-fetais na predição da mortalidade infantil, por meio da incorporação de técnicas inovadoras, como a Mineração de Dados, que se mostram relevantes em Saúde Pública. Foi elaborada uma base de dados, com óbitos infantis analisados pelos Comitês de Prevenção da Mortalidade Infantil de 2000 a 2004, a partir da integração dos Sistemas de Informações de Nascidos Vivos, da Mortalidade e da Investigação da Mortalidade Infantil no Estado do Paraná. O programa da mineração foi o WEKA, de uso livre. A mineração faz busca em banco de dados e fornece regras que devem ser analisadas para transformação em informação útil. Após a mineração, selecionaram-se 4.230 regras, por exemplo: mãe adolescente e peso ao nascer This study aims to identify patterns in maternal and fetal characteristics in the prediction of infant mortality by incorporating innovative techniques like data mining, with proven relevance for public health. A database was developed with infant deaths from 2000 to 2004 analyzed by the Committees for the Prevention of Infant Mortality, based on integration of the Information System on Live Births (SINASC, Mortality Information System, and Investigation of Infant Mortality in the State of Paraná. The data mining software was WEKA (open source. The data mining conducts a database search and provides rules to be analyzed to transform the data into useful information. After mining, 4,230 rules were selected: teenage pregnancy plus birth weight < 2,500g, or post-term birth plus teenage mother with a previous child or intercurrent conditions increase the risk of neonatal death. The results highlight the need for greater attention to teenage mothers, newborns with birth weight < 2,500g, post-term neonates, and infants of mothers with intercurrent conditions, thus corroborating other studies.

  14. FATORES DETERMINANTES PARA O AVANÇO DA ENERGIA EÓLICA NO ESTADO DO CEARÁ FRENTE AOS DESAFIOS DAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Cavalcanti Sá de Abreu

    Full Text Available O trabalho identifica fatores determinantes para o avanço da geração da energia eólica frente aos desafios das mudanças climáticas. A pesquisa empregou métodos qualitativos para a obtenção de dados e configura-se como descritiva e exploratória. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com participantes do setor eólico, tomando o estado do Ceará como unidade de estudo. Os resultados indicam que as percepções e pressões dos stakeholders, as políticas públicas e os investimentos tecnológicos são determinantes para que a participação da energia eólica na matriz energética Brasileira seja ampliada. A perspectiva de um preço mais competitivo do KWh produzido é vital para o crescimento dos investimentos na implantação de parques eólicos. As empresas estão investindo na eficiência operacional dos aerogeradores e na adequação tecnológicas as características dos ventos do Nordeste Brasileiro. O diálogo com a comunidade revela-se também determinante para a viabilidade de implantação dos parques eólicos. A pesquisa aponta um cenário de incertezas para a segurança energética do país, no qual as empresas planejam suas estratégias com base nos benefícios oriundos de uma intensa participação do governo para alavancar este setor.

  15. Determinantes da marcha independente na osteogênese imperfeita Independent walk in osteogenesis imperfect

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Lia Martins Moreira

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar o processo de locomoção em pacientes com osteogênese imperfeita (OI e os fatores que o influenciam, sublinhando pontos clínicos relevantes à reabilitação motora. MÉTODOS: Estudo transversal, retrospectivo, realizado no ambulatório de fisioterapia motora do Instituto Fernandes Figueira. Foram incluídos todos os pacientes com diagnóstico clínico de OI. Foram excluídos os que apresentavam comorbidades e idade inferior a dois anos. Utilizou-se o Epi-Info versão 3.4 para construção do banco de dados e o SPSS versão 15 para análise estatística. Foi calculado risco relativo para mensurar associação de características clínicas com a marcha independente, adotando-se nível de significância de 5% para as análises. RESULTADOS: Foram incluídos 69 pacientes. Dentre eles, 43,5% tinham OI tipo I; 37,7% tipo III e 18,8% tipo IV. 76,8% apresentavam deformidades em ossos longos. Observou-se associação negativa entre hipotonia, número de fraturas e marcha independente e positiva entre marcha independente e OI tipo I. CONCLUSÕES: A clínica fisioterápica, como complementar à ortopédica e à administração de fármacos da família dos bifosfonatos, é de fundamental importância para a reabilitação da capacidade motora dos indivíduos com OI. Nivel de Evidência, estudos transversais.OBJECTIVES: Investigation of the locomotion process in patients with osteogenesis imperfecta (OI, and the factors that influence it, with special attention to clinical aspects relating to motor rehabilitation. METHODS: a retrospective, cross-sectional study was carried out at the physical therapy outpatient clinic of the Instituto Fernandes Figueira. All patients with a clinical diagnosis of OI were included. Patients with other diseases, and those aged under two years, old were excluded. Epi-Info version 3.4 was used to construct the database, and SPSS version 15 for the statistical analysis. RESULTS: The odds-ratio was used to

  16. Determinantes da Lealdade no Mercado de Serviços Integrados de Saúde Domiciliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Augusto Gentil Buarque

    2015-06-01

    Full Text Available Serviços de atividade física domiciliar têm como características a duração prolongada, grande carga afetiva e proximidade espacial e são conhecidos, na literatura, como encontros de serviços EAI (extended, affective, intimate. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a relação entre satisfação, confiança e custos de mudança com a lealdade dos clientes nos encontros de serviços de atividade física domiciliar. Foi realizada uma pesquisa com clientes de uma empresa especializada e profissionais do ramo. A validação do modelo proposto foi realizada pela modelagem de equações estruturais (MEE. Os resultados trouxeram importantes respostas ancoradas nas definições de cada construto. Para a satisfação, os resultados reforçaram a importância dos atributos técnicos e, especialmente, dos atributos de processos, ampliando os conceitos do ACSI e, também, de outros modelos, além de apresentaram forte relação com a confiança (já que ambas estão intimamente próximas. Já para a lealdade, a surpresa ficou para a baixa importância dada pelos clientes para os custos de mudança, característica peculiar deste mercado. Por fim, imagina-se que os resultados reforcem o conhecimento da área sobre esse tipo de serviço, tão peculiar e pouco estudado, assim como sirvam para os profissionais de serviços EAI na busca pela lealdade de seus clientes.

  17. Country-level correlates of cervical cancer mortality in Latin America and the Caribbean Determinantes a nivel país de la mortalidad por cáncer cervicouterino en Latinoamérica y el Caribe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Pereira-Scalabrino

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify country-level correlates of geographical variations in cervical cancer (CC mortality in Latin America and the Caribbean (LAC. MATERIALS AND METHODS: CC mortality rates for LAC countries (n=26 were examined in relation to country-specific socio-economic indicators (n=58 and Human Papilloma Virus (HPV prevalence using linear regression models. RESULTS: High mortality at ages OBJETIVO: Identificar variables a nivel de país que expliquen las variaciones geográficas en la mortalidad por cáncer cervicouterino (CaCu en América Latina y el Caribe (AL. MATERIALES Y MÉTODOS: Se examinaron las tasas de mortalidad por CaCu de cada país (n=26 mediante modelos de regresión lineal en relación con indicadores socioeconómicos (n=58 y prevalencia del virus del papiloma humano (VPH. RESULTADOS: Alta mortalidad en menores de cinco años, bajo gasto total en salud per-cápita y baja proporción de población con acceso a saneamiento básico son los mejores predictores de mortalidad por CaCu (R² =77%. En los países (n=10 con estimaciones de prevalencia de VPH, estos indicadores socioeconómicos y la prevalencia de VPH de alto riesgo explicaron el 98% de la variabilidad de CaCu en AL. CONCLUSIÓN: Las mejoras en el nivel socioeconómico en AL están asociadas con reducciones en la mortalidad por CaCu, a pesar de la ausencia de programas organizados de tamizaje e inmunización contra VPH.

  18. Fatores de erros na mensuração da mortalidade infantil Error factors in the measurement of infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1975-12-01

    Full Text Available Dentre os indicadores de saúde tradicionalmente utilizados a mortalidade infantil destaca-se como um dos mais importantes. Frequentemente é utilizada por profissionais de saúde pública na caracterização do nível de saúde e em avaliações de programas. Existem, porém, vários fatores de erros que afetam o seu valor e dentre esses são destacados: a definição dos nascidos vivos e sua aplicação na prática, o sub-registro de óbito e de nascimento, o registro do óbito por local de ocorrência, a definição de nascido vivo no ano e a declaração errada na idade. Existem também erros qualitativos que dizem respeito, principalmente, a declarações erradas da causa de morte. Vários desses fatores foram medidos para São Paulo.Among the traditionally used health indices the infant mortality rate is distinguished as the most important one. Frequently it is used by the public health professionals for health level characterization and for the evaluation of programmes. There are, however, several error factors that affect its value, among which are the live birth definition and its true use; underregistration of deaths and births; the death register by place of occurrence; live birth definition in the year, and the wrong age information. There are also qualitative errors due to wrong information as regards the causes of death. Several of these factors were discussed for S. Paulo.

  19. Fatores determinantes para modificações da terapia antirretroviral inicial Factors determining changes in initial antiretroviral therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Girão Limaverde Lima

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores determinantes das mudanças da terapia antirretroviral (TARV inicial dos pacientes assistidos em hospital de referência em AIDS do Ceará. MÉTODOS: O estudo descritivo e exploratório utilizou a análise dos formulários de solicitação de início ou modificação de tratamento do ano de 2008, acompanhando as mudanças de terapia durante o primeiro ano de tratamento. Os dados foram analisados nos programas Statistical Package for the Social Sciences (SPSS e Epi Info, utilizando ANOVA e teste exato do coeficiente de contingência, com significância de p OBJECTIVE: To investigate factors determining changes in initial antiretroviral therapy (ART in patients attended to in an AIDS tertiary care hospital in Ceará, Brazil. METHODS: This descriptive and exploratory study used the analysis of request to initiate or change treatment forms in the year of 2008, and the changes in therapy were followed through the first year of treatment. Data were analyzed with SPSS and EpiInfo by using ANOVA and the exact test of the coefficient of contingency, with significance at p < 0.05. RESULTS: From 301 patients initiating ART, 22.1% (n = 68 needed a change in the first year. These patients were mostly males, aged 20 to 39 years; with only one ART changed needed in 86.8% of the cases (n = 59. Reports of two or three changes in regimen were observed. Zidovudine was the drug most often changed, followed by lopinavir/ritonavir and efavirenz. A significant association was found between changes in initial regimens and the report of adverse reactions (p < 0.001. Conclusion: The main factor determining changes in the initial ART was an adverse reaction report. Most patients had one change in the initial ART over the first year of treatment. ART monitoring contributed to a better control of the specific drug therapy.

  20. Trends of stroke subtypes mortality in Sao Paulo, Brazil (1996-2003 Tendência da mortalidade pelos subtipos da doença cerebrovascular (1996-2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo A. Lotufo

    2005-12-01

    Full Text Available The decline of stroke mortality rates has been described in Brazil; however, there is no data about stroke subtypes. We described the changes of stroke mortality rates in the city of Sao Paulo (1996-2003 emphasizing intracerebral hemorrhage and cerebral infarction. We categorized mortality data by gender and 10-year age-strata from 30 to 79 years-old. For men, an annual reduction of all types of stroke (-3.9%, and of stroke subtypes as intracerebral hemorrhage (-3.0% and cerebral infarction was observed (-2.7% as well as, a decline of ill-defined stroke (-7.4%. For women, a decline was observed for all types of stroke (-3.3% and for ill-defined stroke (-12%. However, the switch of ill-defined cases to stroke subtype categories due to a better clinical diagnosis blurred a real decline of both cerebral infarction and intracerebral hemorrhagic stroke among women.O declínio da mortalidade pela doença cerebrovascular no Brasil é conhecido, porém há poucos dados sobre a evolução temporal dos dois principais subtipos, a hemorragia parenquimatosa e o infarto cerebral. As modificações temporais dos subtipos de doença cerebrovascular foram estudadas na cidade de São Paulo entre 1996 e 2003 por gênero e faixa etária decenal entre os 30 e 79 anos. Para os homens detectou-se redução anual para todo os tipos (-3,9%, para hemorragia parenquimatosa (-3,0%, para infarto cerebral (-2,7% bem como para os casos mal definidos (-7.4%. Para as mulheres somente houve variação significativa para todos os tipos da doença cerebrovascular (-3,3% e para os casos mal definidos (-12%. Concluindo, as taxas de doença cerebrovascular estão em queda, porém entre as mulheres devido à melhoria do diagnóstico clínico houve migração de casos mal definidos para casos bem definidos. Devido a isso não foi possível detectar declínio nas taxas de mortalidade pelos subtipos de doença cerebrovascular.

  1. Prevalência de alterações fonoaudiológicas em pré-escolares da rede pública e os determinantes sociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otília Valéria Melchiors Angst

    2015-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a prevalência de alterações de fala, linguagem e motricidade orofacial, bem como uma possível associação destes fatores com determinantes sociais como, condição socioeconômica e escolaridade parental em crianças de 4 a 6 anos e 11 meses de idade, matriculadas em escolas municipais de educação infantil da cidade de Santa Maria - RS. MÉTODOS: a presente pesquisa caracteriza-se como transversal, de prevalência, em que participaram 262 crianças entre 4 a 6 anos e 11 meses de idade, estudantes de escolas da rede municipal. Realizou-se entrevista com os pais e avaliação fonoaudiológica (linguagem, fonética/fonologia, praxias articulatórias e buco-faciais e estruturas orofaciais. Os sujeitos foram agrupados conforme os critérios: renda familiar, escolaridade do pai e da mãe, alterações de linguagem, fala e motricidade orofacial. Os resultados passaram por análise estatística com o teste Exato de Fischer e nível de significância fixado em 5%. RESULTADOS: a alteração mais prevalente foi a de motricidade orofacial (31,30%, seguida das alterações de fala (21,37% e de linguagem (4,58%. Não foi encontrada associação entre as alterações fonoaudiológicas e os determinantes sociais. CONCLUSÃO: a amostra estudada apresentou alto índice de alterações fonoaudiológicas, o que evidencia a importância da atuação de fonoaudiólogos nas redes públicas de ensino. A não associação entre alterações fonoaudiológicas e determinantes sociais se deve, provavelmente, pela homogeneidade da amostra, sugerindo a realização de novos estudos com amostras mais heterogêneas.

  2. Impacto da mortalidade da doença da aorta torácica no estado de São Paulo no período de 1998 a 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ribeiro Dias

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Ainda não foram analisadas as características epidemiológicas das doenças da aorta torácica (DAT no estado de São Paulo e no Brasil, assim como o seu impacto na sobrevida desses pacientes. OBJETIVOS: Avaliar o impacto da mortalidade das DAT e caracterizá-la epidemiologicamente. MÉTODOS: Análise retrospectiva dos dados do Sistema Único de Saúde para os códigos de DAT do registro de internações, de procedimentos e dos óbitos, a partir do Código Internacional de Doenças (CID-10, registrados na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo durante o período de janeiro de 1998 a dezembro de 2007. RESULTADOS: Foram 9.465 óbitos por DAT, 5.500 homens (58,1% e 3.965 mulheres (41,9%; 6.721 dissecções (71% e 2.744 aneurismas, 86,3% diagnosticados no IML. Foram 6.109 internações, 67,9% do sexo masculino, sendo que 21,2% evoluíram a óbito (69% homens, com proporções semelhantes de dissecção e aneurisma entre os sexos, respectivamente 54% e 46%, porém com mortalidade distinta. Os homens com DAT morrem mais que as mulheres (OR = 1,5. A distribuição etária para óbitos e internações foi semelhante, com predomínio na sexta década. Foram 3.572 operações (58% das internações com mortalidade de 20,3% (os pacientes mantidos em tratamento medicamentoso apresentaram mortalidade de 22,6%; p = 0,047. O número de internações, de cirurgias, de óbitos dos pacientes internados e geral de óbitos por DAT foi progressivamente superior ao aumento populacional no decorrer do tempo. CONCLUSÕES: Atuações específicas na identificação precoce desses pacientes, assim como a viabilização do seu atendimento, devem ser implementadas para reduzir a aparente progressiva mortalidade por DAT imposta à nossa população.

  3. Incidencia, mortalidad y prevalencia de enfermedad renal crónica terminal en la región del Bajo Lempa, El Salvador: 10 años de registro comunitario

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramón García-Trabanino

    2016-09-01

    Conclusiones: En esta región la incidencia de ERCT es elevada. Pocos reciben TSR. La mortalidad es alta, aun con TSR. Son mayormente varones adultos (9:1. Los determinantes sociales inciden en la alta mortalidad.

  4. Fatores determinantes da estrutura de capital das maiores empresas que atuam no Brasil Determinant factors of capital structure for the largest companies active in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovani Antonio Silva Brito

    2007-04-01

    Full Text Available Estrutura de capital é um tema ainda controverso em teoria de finanças. Desde a discussão entre a teoria tradicional, que defende a existência de uma estrutura de capital ótima que leva à maximização do valor da empresa, e a proposta por Modigliani e Miller (1958, que considera que o valor da empresa não é afetado pela forma como ela é financiada, diversos estudos empíricos têm sido realizados com o objetivo de identificar os fatores que explicam a forma como as empresas se financiam. Esta pesquisa analisa a estrutura de capital das maiores empresas que atuam no Brasil, investigando a relação entre o nível de endividamento e os fatores apontados pela teoria como seu determinante. O estudo é baseado em dados contábeis extraídos das demonstrações financeiras de empresas de capital aberto e de empresas de capital fechado. A técnica estatística utilizada no estudo é a regressão linear múltipla. Os resultados indicam que os fatores risco, tamanho, composição dos ativos e crescimento são determinantes da estrutura de capital das empresas, enquanto que o fator rentabilidade não é determinante. Os resultados, também, mostram que o nível de endividamento da empresa não é afetado pelo fato de ela ser de capital aberto ou de capital fechado.Capital structure is still a still controversial issue in finance theory. Since the discussion between traditional theory, which asserts the existence of an optimal capital structure that maximizes the firm’s value, and Modigliani and Miller’s theory (1958, which considers that the value of a firm is unaffected by how it is financed, many empirical studies have been carried out to identify the factors that explain how a firm finances itself. This research analyses the capital structure of the largest firms in Brazil and investigates the relationship between the leverage ratio and the factors indicated by theory as determinant. The study is based on accounting data extracted from

  5. Determinantes da escolha de arranjos institucionais: evidências na Comercialização de Fertilizantes para Soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Franco Paes Leme

    2008-06-01

    Full Text Available As transações entre os agentes do agronegócio têm deixado de ocorrer estritamente via mercado, passando a serem regidas por diferentes tipos de arranjos institucionais, caracterizados por contratos. No setor de fertilizantes, as empresas intensificaram a oferta de pacotes de insumos aos produtores agrícolas, mais especificamente aos produtores de soja, que são os focalizados neste artigo. Para adquirir fertilizantes, esses produtores podem optar pelo uso de recursos próprios, obtidos em financiamento com terceiros, ou podem ainda recorrer aos referidos pacotes que incluem além dos fertilizantes, soja e recursos financeiros, e que os produtores de soja chamam de "troca", adquirindo insumos pagando em soja para entrega futura. A motivação do presente trabalho é identificar quais são os fatores determinantes da escolha do produtor de soja entre arranjos alternativos para a aquisição de fertilizantes. Foram realizadas 200 entrevistas com produtores de soja dos estados de Goiás e Mato Grosso. Conclui-se que a formatação de arranjos do tipo bundling pode ser motivada por razões de eficiência, sendo a economia em custos de transação uma dessas razões. A aversão ao risco e a confiança motivam o uso do arranjo troca. Por fim, com relação à escala, os maiores produtores de soja, diferentemente do esperado, utilizaram mais o arranjo troca.Transactions among agribusiness agents are not exclusively carried out on the market, being also governed by alternative types of institutional arrangements, some of which determined upon contractual agreement. In the fertilizers sector, the companies intensified the offer of input packages to farmers, more specifically to soybean producers, object of this article. In order to acquire the fertilizers, these producers may choose to use their own financial resources, to obtain resources through financing with third parties, or they may recur to the said packages, which include soybean and

  6. A consultoria em gestão realizada pelo contabilista como alternativa de redução da mortalidade das MPE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juarez Domingues Carneiro

    2005-03-01

    Full Text Available Este artigo tem por finalidade demonstrar que é possível reduzir a alta taxa de mortalidade das Micro e Pequenas Empresas no Brasil, na ordem de quase 50% nos dois primeiros anos, por meio da consultoria especializada em gestão, realizada por profissionais da contabilidade. O estudo tem como um de seus pilares, o estabelecimento de uma relação entre a Teoria Geral dos Sistemas e o Sistema de Gestão das Micro e Pequenas Empresas (MPE, tendo como seu subsistema principal a Consultoria em Gestão pelo Contabilista. O artigo ao mesmo tempo em que evidencia a presença constante do profissional da contabilidade nas MPE, desde o seu surgimento, também identifica uma série de causas que levam a essa mortalidade, principalmente na área de gestão, trazendo uma proposta de alternativa de redução de tal problemática, por intermédio, especialmente, da formação continuada do profissional da área contábil. This artide aims to show that it is possible to reduce the high mortality rate ofMicro and 5mall Enterprises (M5Es in Brazil, reaching almost 50% in the twofirst years, by means of consultancy, specialized in Gestion, given byaccounting professionals. One of the main fundaments of this study is theestablishment of a relationship between 5ystems General Theory and Gestion5ystem of Micro and 5mall Enterprises having as its most relevant subsystems,the Gestion Consultancy by the Accountant. Besides highlighting the frequentpresence of the Accounting Professional in the M5Es since those were firstcreated, this artide also identities series of causes that lead to theirmortality, mainly in the Gestion Area, bringing an alternative proposal ofreducing such a problem, especially through the continued education of theaccounting area professional.

  7. A relação capacidade inspiratória / capacidade pulmonar total (IC/TLC é preditiva da mortalidade na DPOC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Casanova

    2005-07-01

    Full Text Available Resumo: Foram estudados em dois centros americanos (Flórida e Boston e dois espanhóis (Saragoça e Tenerife 689 doentes entre Dezembro de 1995 e Agosto de 2003, com uma média de estudo de 34 meses.A definição de DPOC foi: exposição tabágica> 20 UMA e FEV1/FVC pós-broncodilatador 25% estavam 58% dos doentes e abaixo de 25% os restantes (42%.A mortalidade nos doentes com IC/TLC 25%.O índice BODE, TM6m, IC/TLC e índice de Charlson foram os melhores preditores de mortalidade global e estes mais a dispneia (MRC para mortalidade de causa respiratória. A relação IC/TLC foi independente do índice BODE como factor preditivo de mortalidade. A correlação entre IC/TLC, MRC e TM6m foi significativa mas não superior à obtida para o FEV1, o que significa que IC/TLC traduz alteração funcional pulmonar, mas de uma forma diferente da do FEV1. Também IC/TLC se correlaciona melhor com o BMI do que FEV1, reflectindo melhor o impacto da gravidade da DPOC.Uma vez que IC/TLC é um excelente parâmetro preditivo de mortalidade, poderá ser esta a explicação para a redução na mortalidade dos doentes que efectuaram cirurgia de redução de volume no estudo NETT.Por último, Celli e o seu grupo propõem que a relação IC/TLC seja designada por «Fracção Inspiratória» por analogia com a “Fracção de Ejecção” utilizada pela cardiologia e de elevado significado clínico.Assim, estes autores recomendam a medição de IC/ /TLC ou Fracção Inspiratória com os outros parâmetros funcionais clássicos para uma avaliação correcta dos doentes com DPOC.

  8. Uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais, Brasil Use of the land as determinant of the distribution of the bovine rabies in Minas Gerais, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Silva

    2001-06-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo observacional retrospectivo com o objetivo de avaliar variáveis do uso da terra como determinante da distribuição da raiva bovina em Minas Gerais. Foram analisadas 7.526 fichas de diagnóstico de raiva por imunofluorescência direta, de 1976 a 1997. Utilizaram-se os dados dos Censos Agropecuários de Minas Gerais- FIBGE, anos de 1970, 1985 e 1995-1996. Empregou-se o método da análise fatorial de componentes principais, com auxílio do programa Minitab versão 9.0. A raiva bovina apresentou-se mais associada às lavouras permanentes e temporárias, às pastagens naturais e plantadas e ao efetivo bovino, e menos associada às matas naturais e plantadas, às lavouras em descanso e às terras produtivas não utilizadas. Concluiu-se que as transformações antrópicas no espaço agrário, especialmente no uso da terra, influenciaram de modo determinante a distribuição espacial e temporal da raiva bovina em Minas Gerais.A retrospective observational study was performed to evaluate variables of the use of the land to determine space and time distribution of bovine rabies in Minas Gerais State - Brazil, from 1976 to 1997. The analysis of 7526 records for bovine rabies diagnosis used direct immunofluorescence was performed. For analysis of the use of the land the data of the Agricultural Censuses of Minas Gerais - FIBGE, years of 1970, 1985 and 1995-1996 were studied. Factorial analysis of the main components, with the aid of the Minitab Program version 9.0, was used to investigate the behavior of rabies and variables of the use of the land. This disease was more associated to the permanent and temporary crops, natural and artificial pastures, and size of the bovine herds. On the other hand, it was less associated to the artificial and natural forests, resting crop areas or unused productive land. It was concluded that anthropics transformations in agrarian space, especially related to the use of the land had a determinant

  9. Avaliação da qualidade de vida e mortalidade em pacientes com eventos cardíacos graves no pós-operatório Evaluación de la calidad de vida y de la mortalidad en pacientes con eventos cardíacos mayores en el postoperatorio Quality of life and mortality assessment in patients with major cardiac events in the postoperative period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando José Abelha

    2010-06-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Complicações cardiovasculares no pós-operatório associam-se a elevadas mortalidade e morbidade. Poucos estudos avaliaram o grau de dependência desses doentes e a percepção da sua saúde. O objetivo deste trabalho foi avaliar a mortalidade e a qualidade de vida em doentes que desenvolveram eventos cardíacos graves (EC no pós-operatório. MÉTODO: Estudo retrospectivo numa Unidade de Tratamento Intensivo Cirúrgica (UTI-Cirúrgica, entre março de 2006 e março de 2008. Os doen tes foram avaliados quanto à ocorrência de EC. Seis meses após a alta, foi preenchido o questionário Short-Form-36 (SF-36 e avaliada a dependência nas atividades da vida diária (AVD. As comparações entre grupos independentes de doentes foram efetuadas com teste t de Student. A comparação entre cada variável e a ocorrência de EC foi efetuada por regressão logística envolvendo todos os doentes. RESULTADOS: Dos 1.280 doentes que apresentaram critérios de inclusão, 26 (2% desenvolveram EC. A análise univariada identificou como determinantes independentes para o desenvolvimento de EC: estado físico ASA, hipertensão arterial, doença cardíaca isquêmica, doença cardíaca congestiva e escore do Índice de Risco Cardíaco Revisado. A mortalidade seis meses após alta da UTI-Cirúrgica foi de 35%. Dos 17 sobreviventes aos seis meses, 13 completaram os questionários. Trinta e um por cento referiram que sua saúde em geral era melhor no dia em que responderam ao questionário do que 12 meses antes. Sessenta e nove por cento dos doentes estavam dependentes nas AVD instrumentais e 15%, nas AVD pessoais. CONCLUSÕES: O desenvolvimento de EC tem sério impacto no tempo de hospitalização e nas taxas de mortalidade. Seis meses após a alta da UTI-Cirúrgica, mais de metade dos doentes estavam dependentes em pelo menos uma AVD instrumental.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Las complicaciones cardiovasculares en el postoperatorio est

  10. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Fonseca

    1996-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.

  11. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Walter

    1996-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.

  12. Determinantes da satisfação e atributos da qualidade em serviços de salão de beleza Determinants of satisfaction and quality attributes in beauty salon services

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luis Duarte Ribeiro

    2012-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta um modelo de representação dos determinantes da satisfação dos clientes de serviços em salões de beleza e dos atributos de qualidade percebidos por eles. Para isso, foram aplicadas duas pesquisas junto a usuários de salões de beleza com a finalidade de: (i determinar as relações entre os determinantes da satisfação dos clientes; e (ii identificar e hierarquizar atributos de qualidade percebidos, de acordo com sua importância para os clientes do serviço em questão. A confirmação de expectativas e a qualidade percebida aparecem como os principais determinantes da satisfação dos clientes. Competência técnica, limpeza do ambiente e dos utensílios, cumprimento de horários e localização conveniente aparecem como os principais atributos de qualidade percebidos. Os resultados desta pesquisa podem ser usados pelos gerentes de salões de beleza para aprimorar a qualidade do serviço e a satisfação dos clientes, estabelecendo um diferencial competitivo para sua empresa.This paper presents a model to represent customer satisfaction determinants and perceived quality attributes in the hairdressing and beauty service segment. Two surveys were applied to beauty salon users with the purpose of: (i determine the relationships among customer satisfaction determinants, and (ii identify and rank attributes of perceived quality, according to their importance for customers of this segment. Confirmation of expectations and perceived quality appear as the main determinants of customer satisfaction. Technical competence, cleanliness of environment and tools, compliance to appointments, and convenient locations appear as the main attributes of perceived quality. These results can be used by managers of beauty salons to improve service quality and customer satisfaction, establishing a competitive advantage for their companies.

  13. Pesquisa sobre mortalidade perinatal no Brasil: revisão da metodologia e dos resultados Perinatal mortality research in Brazil: review of methodology and results

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Costa Fonseca

    2004-01-01

    Full Text Available A mortalidade perinatal persiste como relevante evento em saúde pública, demandando estudos epidemiológicos, tanto para definir sua magnitude e variações temporais, como para identificar seus determinantes e apontar as intervenções adequadas. Existem ainda questões conceituais e metodológicas controversas, gerando heterogeneidade nos estudos e prováveis vieses. No Brasil, nos últimos anos, desponta uma produção crescente sobre o tema, principalmente no Sudeste e Sul. Foram revistos 24 artigos de 1996 a 2003, focalizando: definições e classificações utilizadas, fontes de dados, desenhos de estudo, formas de aferição das variáveis, modelos de análise estatística e principais resultados. A revisão mostrou a progressiva utilização de bancos de dados informatizados, principalmente o SINASC e o SIM, o pequeno número de estudos sobre natimortalidade, a incorporação ainda incipiente das classificações de causas e a discordância em relação a alguns fatores de risco.The perinatal mortality rate remains a public health problem, demanding epidemiological studies to describe its magnitude and time trends, identify risk factors, and define adequate interventions. There are still methodological controversies, resulting in heterogeneous studies and possible biases. In Brazil, there has been a growing scientific output on this theme, mainly in the South and Southeast of the country. Twenty-four articles from 1996 to 2003 were reviewed, focusing on definitions and classifications, data sources, study designs, measurement of variables, statistical analysis, and results. The review showed an increasing utilization of data bases (mainly SINASC and SIM, few studies on stillbirth, the incorporation of classification schemes, and disagreement concerning risk factors.

  14. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas na América Latina: um estudo empírico considerando fatores macroeconômicos e institucionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas Dias Bastos

    2009-12-01

    Full Text Available Pesquisas recentes têm evidenciado que os fatores específicos dos países, como os ambientes legal, institucional e econômico, influenciam a estrutura de capital das empresas. O presente estudo investiga os determinantes da estrutura de capital, utilizando painel de dados, para uma amostra de 388 empresas pertencentes às sete maiores economias da América Latina (México, Brasil, Argentina, Chile e Peru, no período 2001-2006. A partir de seis indicadores do nível de endividamento, foi evidenciado que os fatores específicos da firma – liquidez corrente, rentabilidade, market to book value e tamanho – apresentam os resultados mais significantes. A teoria do pecking order é a que melhor explica os resultados obtidos. Os resultados para os fatores macroeconômicos e institucionais não foram tão robustos, exceto para as variáveis crescimento do PIB, e em menor grau para as proxies sobre relevância do mercado de capitais, carga fiscal e tempo de abertura de um novo negócio.

  15. Evolução e distribuição espacial da mortalidade por causas externas em Salvador, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eni Devay de Freitas

    Full Text Available A partir de 1980, as mortes violentas vêm se destacando como segunda principal causa de óbito no Brasil, tornando-se um importante problema de saúde pública. Este trabalho tem como objetivo descrever a evolução e a distribuição espacial das mortes violentas no espaço urbano de Salvador, uma cidade do Nordeste do Brasil, nos anos de 1988, 1991 e 1994. Trata-se de um estudo ecológico, cujos dados de mortalidade foram obtidos das Declarações de Óbito e dos arquivos do Instituto Médico Legal. Observou-se um aumento de 34,6% no número de mortes violentas entre os anos de 1988 e 1994. As maiores taxas de mortalidade ocorreram no sexo masculino nas faixas etárias de 20-29 (192,0 a 262,0/100.000 anos e de 65 anos ou mais (188,7 a 258,1/100.000. Os homicídios destacaram-se como primeira causa de morte em cerca de 75% dos distritos sanitários. Os autores discutem a necessidade de políticas públicas integradas e um conhecimento interdisciplinar para explicar as causas e enfrentar o problema da violência.

  16. Evolução e distribuição espacial da mortalidade por causas externas em Salvador, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas Eni Devay de

    2000-01-01

    Full Text Available A partir de 1980, as mortes violentas vêm se destacando como segunda principal causa de óbito no Brasil, tornando-se um importante problema de saúde pública. Este trabalho tem como objetivo descrever a evolução e a distribuição espacial das mortes violentas no espaço urbano de Salvador, uma cidade do Nordeste do Brasil, nos anos de 1988, 1991 e 1994. Trata-se de um estudo ecológico, cujos dados de mortalidade foram obtidos das Declarações de Óbito e dos arquivos do Instituto Médico Legal. Observou-se um aumento de 34,6% no número de mortes violentas entre os anos de 1988 e 1994. As maiores taxas de mortalidade ocorreram no sexo masculino nas faixas etárias de 20-29 (192,0 a 262,0/100.000 anos e de 65 anos ou mais (188,7 a 258,1/100.000. Os homicídios destacaram-se como primeira causa de morte em cerca de 75% dos distritos sanitários. Os autores discutem a necessidade de políticas públicas integradas e um conhecimento interdisciplinar para explicar as causas e enfrentar o problema da violência.

  17. O impacto dos efeitos da ocupação sobre a saúde de trabalhadores: II - Mortalidade The impact of occupation on worker's health: II - Mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    René Mendes

    1988-10-01

    Full Text Available Foi realizada revisão bibliográfica analítica com o objetivo de quantificar o impacto dos efeitos da ocupação sobre a mortalidade de trabalhadores em suas implicações sobre o setor saúde. As repercussões sobre a mortalidade de trabalhadores são medidas através das mortes diretamente relacionadas com o trabalho (acidentes do trabalho fatais e intoxicações fatais e das indiretamente relacionadas. Partindo das grandes causas de morte entre adultos - doenças cardiovasculares, câncer e mortes violentas - e explorando as informações obtidas em estudos epidemiológicos realizados em outros países, estimou-se a força da contribuição da ocupação sobre a mortalidade. O peso e a complexidade das repercussões sobre o setor saúde pressupõem um desempenho mais ativo na definição de políticas e responsabilidades, e na organização de ações destinadas a identificar, reduzir ou eliminar a participação dos riscos ocupacionais nas grandes causas de doença e morte.An attempt to estimate the impact of occupation on worker's health was made as part of the rationale for the progressive integration of Occupational Health into the Health Sector. In this second study, based on a critical review of the literature, the repercussions on mortality are discussed on this basis analysis of the Brazilian data on deaths directly related to occupation (fatal occupational accidents and acute poisonings, as well as on those indirectly so related. The analysis of the major causes of adult deaths - cardiovascular diseases, cancer and violent deaths - compared with the proportion of "work-relatedness" according to several epidemiologic studies carried out in developed countries, make possible an estimation of the influence of the contribution of occupation on mortality. The size of this contribution is the main argument for an active involvement of the health sector in Occupational Health issues, because of the heavy toll in terms of adult morbidity

  18. Perfil da mortalidade materna por aborto no Paraná: 2003-2005 Perfil de la mortalidad materna, por aborto en el Paraná: 2003-2005 Characteristics of maternal mortality by abortion in Parana: 2003-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleyde Ventura de Souza

    2008-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo cujo objetivo foi identificar o perfil das mulheres que tiveram como causa de morte o aborto, no Estado do Paraná, no período entre 2003 e 2005, com destaque para aspectos sociodemográficos, reprodutivos e relacionados à assistência prestada. Os dados foram obtidos a partir dos estudos de série de casos de óbitos maternos elaborados pelo Comitê Estadual de Prevenção da Mortalidade Materna/Paraná. Foram analisados 17 casos. Os resultados apontaram que 88% dos óbitos poderiam ter sido evitados. O aborto seguido de infecção (59% foi a causa básica de maior concentração entre as mortes. As mulheres jovens, casadas, com baixo status socioeconômico e reprodutivo foram as mais atingidas. Reafirma-se a importância do acesso a bens sociais, da redução das desigualdades sociais e da educação em saúde voltada para o planejamento reprodutivo de qualidade.Estudio descriptivo cuyo objetivo fue identificar las características de las mujeres que tuvieron como causa de muerte el aborto en el estado de Paraná en el período entre 2003 a 2005, con destaque para aspectos sociodemográficos, reproductivos y al cuidado que recibieron. Los datos fueron obtenidos con la serie de casos de óbitos maternos elaborados por el Comité Estadual de Prevención de la Mortalidad Materna/Paraná. Fueron analizados 17 casos. Los resultados mostraron que 88% de los óbitos podrían haber sido evitados. El aborto seguido de infección (59% fue a causa básica de mayor concentración, entre las muertes evitables. Las mujeres jóvenes, casadas; con bajo status socioeconómico y reproductivo fueron las más alcanzadas. Se reafirma la importancia del acceso a bienes sociales y a la educación sanitaria hacia un planeamiento reproductivo calificado.A descriptive study whose objective was to identify the characteristics of women who died while having an abortion in the state of Parana between 2003 and 2005, outlining the sociodemographical

  19. Tendência temporal da mortalidade por doenças infecciosas intestinais em crianças menores de cinco anos de idade, no estado de São Paulo, 2000-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Soares Martins

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: analisar a tendência temporal da mortalidade por doenças infecciosas intestinais (DII em crianças menores de cinco anos de idade no estado de São Paulo e suas Redes Regionais de Atenção à Saúde (RRAS, no período 2000-2012. MÉTODOS: estudo de série temporal sobre os óbitos com causa básica, antecedente ou contribuinte de morte por DII, obtidos a partir do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. RESULTADOS: ocorreram 2.886 óbitos por DII no estado; a taxa de mortalidade por DII apresentou diminuição de 10,5% ao ano (intervalo de confiança de 95% 4,8; 15,8%; em 13 das 17 RRAS ocorreu diminuição significativa da taxa de mortalidade, com decréscimo anual variável entre 16,6 e 8,3% ao ano. CONCLUSÃO: a taxa de mortalidade por DII apresentou decréscimo significativo na maioria das RRAS, com diferentes velocidades, possível reflexo das desigualdades das condições socioeconômicas e de organização das redes de atenção à saúde.

  20. Determinantes da transparência na gestão pública dos municípios portugueses

    OpenAIRE

    Nogueira, Sónia P.; Freitas, Ivone; Ribeiro, Nuno A.

    2017-01-01

    A transparência na gestão pública é fundamental para que exista uma aproximação entre os cidadãos e os gestores públicos, sendo considerada universalmente como um elemento de boa governação. Apesar dos esforços mais recentes, a pesquisa empírica atual ainda não fornece respostas definitivas sobre as razões que justificam as flutuações nos níveis de transparência. O objetivo principal deste estudo consistiu na identificação dos fatores determinantes de transparência na gestão pública dos mu...

  1. FATORES DETERMINANTES DA TOMADA DE DECISÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS EM UMA FEIRA LIVRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilton Belchior Cruvinel

    2017-06-01

    renda familiar média de 8,3 salários mínimos e que consome produtos orgânicos de três a sete vezes por semana. Os principais fatores determinantes para a tomada de decisão de compra dos produtos orgânicos foram a preocupação com a saúde, com o meio ambiente e com a qualidade dos produtos. Foi possível verificar um interesse crescente do consumidor por alimentação orgânica e, Consequentemente, saudável e sustentável.

  2. The APACHE II measured on patients' discharge from the Intensive Care Unit in the prediction of mortality APACHE II medido en la salida de los pacientes de la Unidad de Terapia Intensiva en la previsión de la mortalidad APACHE II medido na saída dos pacientes da Unidade de Terapia Intensiva na previsão da mortalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Gonzaga dos Santos Cardoso

    2013-06-01

    calibración, el análisis de la regresión linear demostró que el valor de R2 fue estadísticamente significativo. CONCLUSÍON: el AII-SALIDA fue capaz de predecir la mortalidad después de la salida de la UTI, siendo la observada discretamente mayor que la prevista, demostrando buena discriminación y buena calibración. Este sistema demostró ser útil para estratificar los pacientes con mayor riesgo de muerte después de la salida de la UTI. Este hecho merece especial atención de los profesionales de la salud, particularmente de los enfermeros, en la gestión de recursos humanos y tecnológicos para este grupo de pacientes. OBJETIVO: analisar o desempenho do Acute Physiology and Chronic Health Evaluation, medido com base nos dados das últimas 24 horas de internação na Unidade de Terapia Intensiva, nos pacientes com transferência para as enfermarias. MÉTODO: estudo observacional, prospectivo e quantitativo com dados de 355 pacientes, admitidos na Unidade de Terapia Intensiva entre janeiro e julho de 2010 que foram transferidos para as enfermarias. RESULTADOS: o poder discriminatório do índice prognóstico AII-SAÍDA demonstrou área sob a curva ROC estatisticamente significante. A mortalidade observada na amostra foi discretamente maior que a prevista pelo AII-SAÍDA, com Razão de Mortalidade Padronizada de 1,12. Na curva de calibração, a análise da regressão linear demonstrou que o valor de R2 foi estatisticamente significante. CONCLUSÃO: o AII-SAÍDA foi capaz de prever a mortalidade, após a saída da Unidade de Terapia Intensiva, sendo a observada discretamente maior que a prevista, demonstrando boa discriminação e boa calibração. Esse sistema demonstrou ser útil para estratificar os pacientes com maior risco de óbito, após a saída da Unidade de Terapia Intensiva. Tal fato merece especial atenção dos profissionais de saúde, particularmente dos enfermeiros, na gestão de recursos humanos e tecnológicos para esse grupo de pacientes.

  3. Evolução da mortalidade geral, infantil e proporcional no Brasil Trends in general, infant and proportional mortality in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Yunes

    1974-06-01

    Full Text Available Estudo da evolução da mortalidade geral, infantil e proporcional para o Brasil e Regiões Fisiográficas de 1941 a 1970. Nos últimos 30 anos a redução de mortalidade geral para o Brasil foi de 47,5%, tendo sido maior a queda na região Centro-Oeste. No último decênio observa-se o aumento do coeficiente em todas as regiões iniciando-se em diferentes períodos, sendo em parte devido ao aumento da mortalidade infantil. Ao se comparar a mortalidade geral do Brasil com a de países mais desenvolvidos, ela pode ser considerada elevada, uma vez que cerca de 42% da população tem menos de 14 anos de idade, indicando nível de saúde insatisfatório. Para a mortalidade infantil, em 30 anos houve uma redução de seu coeficiente em 46,2%, tendo sido maior esta queda na região Centro-Oeste. No último decênio, observa-se um aumento deste coeficiente, sugerindo, portanto, uma piora do nível de saúde e ao se comparar com outros países é notória a diferença observada. Ao se comparar a mortalidade proporcional (percentagem do total de óbitos de crianças menores de 1 ano de 1940/1970, observa-se uma elevação de 16,3%, sendo no último decênio o maior aumento para as regiões Centro-Oeste (57,7% e Sudeste (36,1%. Ao se comparar os dados do Brasil com o Estado e Município mais desenvolvido (São Paulo, observa-se sempre que estes indicadores para o país como um todo apresentam-se mais elevados, sugerindo um pior nível de saúde. Entre os principais fatores condicionantes da piora do nível de saúde do Brasil no último decênio, destaca-se o econômico onde ocorre um aumento na concentração da distribuição de renda, declíneo do salário mínimo real de 20%, com conseqüente diminuição do poder aquisitivo da população assalariada. Acresce-se ainda, o aumento da população descoberta dos recursos de saneamento básico.Study of the evolution of general mortality, infant mortality rate and mortality ratio in Brazil and

  4. O impacto da obesidade na morbi-mortalidade de pacientes submetidos à cirurgia de revascularização miocárdica = Impact of obesity in morbity and mortality of patients submitted to myocardial revascularization surgery

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guaragna, Luciana Parareda

    2008-01-01

    Conclusões: neste estudo a obesidade aumentou o risco das seguintes complicações no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio: mediastinite, tromboembolia pulmonar e síndrome da resposta inflamatória sistêmica. Não houve aumento estatisticamente significativo na mortalidade

  5. Completude do sistema de informação sobre mortalidade por suicídio em idosos no estado da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Andrade Rios

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a completude dos dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade sobre os óbitos por suicídio em idosos no estado da Bahia, no período de 1996 a 2010. MÉTODOS: Estudo epidemiológico, de desenho ecológico, com base em dados dos óbitos de idosos por suicídios, no estado da Bahia, disponibilizados no Sistema de Informação sobre Mortalidade, referentes ao período de 1996 a 2010, sendo calculada a incompletude das variáveis relacionadas aos óbitos e analisada por meio de um escore. Realizou-se análise de tendência temporal dos dados de incompletude por meio da estimação de modelos de regressão polinomial, utilizando o programa SPSS 15.0, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Registrou-se no período um total de 625 casos de suicídio em idosos. As taxas de não completude oscilaram de acordo com a variável e o ano, destacando-se raça/cor, escolaridade, fonte de informação e assistência médica como aquelas com os maiores índices de não preenchimento. Houve tendência decrescente para a não completude dos dados quanto a grau de instrução, raça/cor, fonte da informação e realização de necropsia para confirmação da causa básica do óbito. Para as demais variáveis não foram encontrados valores estatisticamente significantes nos modelos testados. CONCLUSÃO: Verificou-se melhoria na completude dos dados de suicídios em idosos na Bahia, sendo observadas tendências decrescentes ou não significativas estatisticamente.

  6. Modelo de organização de indicadores para operacionalização dos determinantes socioambientais da saúde Model of organization of indicators for operationalizing the social-environmental determinants of health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Sobral

    2010-03-01

    Full Text Available O tema dos determinantes sociais e suas relações com o processo saúde-doença entre diferentes grupos populacionais é de grande relevância para a Saúde Pública e vêm ganhando cada vez mais destaque. Nesse processo, modelos teórico-conceituais vêm sendo adotados para explicar como os determinantes sociais geram iniquidades em saúde, de modo a subsidiar ações voltadas para as "causas das causas" e indicadores relacionados aos diferentes determinantes vêm sendo organizados por meio de metodologias que possibilitem análises integradas. Apesar desses avanços, os problemas ambientais que hoje se constituem em importantes elementos indutores da geração de doenças por meio da degradação dos ecossistemas e das mudanças climáticas têm sido pouco considerados como determinantes ambientais da saúde em conjunto com os sociais. Este artigo tem o objetivo de ampliar as discussões teóricas sobre os determinantes socioambientais da saúde, apresentando, para isso, uma metodologia de organização de indicadores de saúde ambiental denominada Força Motriz-Pressão-Situação-Exposição-Efeito-Ação, a fim de operacionalizar os determinantes sociais da saúde.The theme of social determinants and their relationship to the health-disease process in different population groups is highly relevant to public health and has been attracting increasing attention. In this process, theoretical-conceptual models have been adopted to explain how social determinants generate inequalities in health. Such models aim at supporting measures focusing on 'causes of the causes', while indicators related to different determinants have been organized by means of methodologies that allow integrated analyses. Despite such progress, environmental problems that currently constitute important disease-generating factors through ecosystem degradation and climate changes have received little attention as environmental determinants of health, jointly with social

  7. Mortalidade por câncer de mama e câncer de colo do útero em município de porte médio da Região Sudeste do Brasil, 1980-2006

    OpenAIRE

    Rodrigues,Anselmo Duarte; Bustamante-Teixeira,Maria Teresa

    2011-01-01

    Analisar a tendência da mortalidade por câncer de mama e câncer de colo do útero em mulheres residentes no Município de Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil, no período de 1980 a 2006. Os dados sobre os óbitos foram obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade; as taxas de mortalidade específicas foram calculadas por idade e padronizadas pela população mundial. Para análise de tendência, foram aplicados modelos de regressão polinomial. O câncer de mama foi a principal causa de óbito entre...

  8. Tendência da mortalidade por doenças do aparelho circulatório no Brasil: 1950 a 2000 Tendencia de la mortalidad por enfermedades del aparato circulatorio en Brasil: 1950 a 2000 Mortality trends due to circulatory system diseases in Brazil: 1950 to 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduarda Ângela Pessoa Cesse

    2009-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças do aparelho circulatório (DAC, um dos mais importantes problemas de saúde da atualidade, apesar de proporcionalmente ainda liderarem as estatísticas de morbi-mortalidade, começam a apresentar tendência declinante da mortalidade em diversos países. OBJETIVO: Analisar a tendência da mortalidade por DAC nas capitais brasileiras, no período de 1950 a 2000. MÉTODOS: Estudo de série temporal das razões de mortalidade padronizadas por DAC. Utilizamos dados secundários de óbitos dos anuários estatísticos do IBGE e do Sistema de Informação de Mortalidade. Realizamos análise de tendência linear das razões de mortalidade padronizadas por DAC nas capitais brasileiras que apresentaram séries completas de mortalidade, considerando os anos censitários do período do estudo (1950 a 2000. RESULTADOS: Apesar de proporcionalmente as DAC representarem a primeira causa de óbito na população brasileira, bem como apresentarem crescimento proporcional no período de análise deste estudo, o risco de óbito, representado pelas razões de mortalidade padronizadas, apresenta-se em decréscimo, particularmente a partir da década de 80. Destacam-se as cidades de Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, que apresentam razões de mortalidade padronizadas elevadas, porém em decréscimo (p FUNDAMENTO: Las enfermedades del aparato circulatorio (EAC, uno de los problemas más importantes de salud de la actualidad, pese a que aún lideran proporcionalmente las estadísticas de morbimortalidad, comienzan a mostrar una tendencia declinante en la mortalidad en diversos países. OBJETIVO: Analizar la tendencia de la mortalidad por EAC en las capitales brasileñas, en el período de 1950 a 2000. MÉTODOS: Estudio de serie temporal de las razones de mortalidad estandarizadas para EAC. Utilizamos datos secundarios de óbitos de los anuarios estadísticos del IBGE y del Sistema de Información de Mortalidad

  9. COMUNICAÇÃO DO CONHECIMENTO EM DETERMINANTES SOCIAIS DE SAÚDE: UMA REVISÃO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Barbieri Bedran-Martins

    2013-12-01

    Full Text Available Desde as últimas décadas, podemos observar, tanto na literatura nacional, como na internacional um avanço significativo no estudo das relações entre a maneira como se organiza e se desenvolve uma determinada sociedade e a situação de saúde da população. Os Determinantes Sociais de Saúde (DSS assim como as propostas de promoção da saúde remetem necessariamente à reflexão sobre a dinâmica social visto que está voltada para a transformação das condições de vida, o que indica a pertinência de reflexão sobre seu tema. Esse estudo teve por objetivo identificar a produção científica em DSS na Faculdade de Saúde Pública (FSP da Universidade de São Paulo (USP, no período de 2004 a 2008, e apontar as áreas de interesse e tendências desse campo de estudo. A metodologia empregada foi a de uma revisão qualitativa realizada a partir de um levantamento de dados na consulta às seguintes bases de dados SCIELO e a na Biblioteca Virtual em Saúde. A análise da produção científica sobre DSS na FSP-USP permitiu mapear e ter uma visão abrangente da produção científica e das temáticas que têm direcionado os estudos sobre esta questão tão importante para a área da promoção da saúde. Os temas mais abordados nas produções científicas são iniquidade em relação ao acesso aos serviços sociais de saúde, ambiente de trabalho, comportamento e estilo de vida, água e esgoto e habitação. E os temas trabalhados em menor quantidade foram renda e redes sociais.

  10. Valor preditivo da frequência cardíaca em repouso do teste ergométrico na mortalidade Valor predictivo de la frecuencia cardíaca en reposo del test ergométrico en la mortalidad Predictive value of resting heart rate for cardiovascular and all-cause mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Eilert Fagundes

    2010-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A frequência cardíaca em repouso (cuja média está entre 60 e 80 bpm é uma das mais simples variáveis cardiovasculares e tem sido considerada como um preditor de mortalidade cardiovascular e geral. OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo da frequência cardíaca em repouso (FCR, antes do teste ergométrico (TE, na mortalidade cardiovascular (CV e geral. MÉTODOS: Estudo de caso-controle, que utilizou informações contidas nos bancos de dados do laboratório de ergometria de um hospital especializado em cardiologia e os registros de óbitos da Secretaria da Saúde em uma cidade do sul do Brasil, de janeiro de 1995 a junho de 2007. Foram analisados 7.055 pacientes, sendo 1.645 (23,3% do grupo caso (óbitos e 5.410 (76,7% do grupo controle (vivos. Foi calculado o ponto de corte da FCR para mortalidade, através da curva ROC e realizada a análise multivariada para as variáveis selecionadas. Os desfechos foram mortalidade CV e geral. RESULTADOS: A incidência de mortalidade CV foi de 674 casos (9,5%; a FCR > 78 bpm foi o ponto de corte. Após ajustado para as variáveis selecionadas, o odds ratio (OR para FCR > 78 bpm foi de 3,5 (IC 95% = 2,9 - 4,2 para mortalidade CV e 3,6 (IC 95% = 3,2 - 4,0 para mortalidade geral. CONCLUSÃO: A FCR > 78 bpm é um preditor independente de mortalidade cardiovascular e geral.FUNDAMENTO: La frecuencia cardíaca en reposo (cuya media está entre 60 y 80 lpm es una de las más simples variables cardiovasculares y ha sido considerada como un predictor de mortalidad cardiovascular y general.' OBJETIVO: Evaluar el valor predictivo de la frecuencia cardíaca en reposo (FCR, antes del test ergométrico (TE, en la mortalidad cardiovascular (CV y general. MÉTODOS: Estudio de caso-control, que utilizó informaciones contenidas en los bancos de datos del laboratorio de ergometría de un hospital especializado en cardiología y los registros de óbitos de la Secretaría de Salud en una ciudad del sur del Brasil

  11. Análise da sobrevida e fatores associados à mortalidade em receptores de transplante renal em Hospital Universitário no Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Gomes de Oliveira

    2012-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O transplante renal (TR é considerado como a melhor terapia para a Doença Renal Crônica (DRC. Fatores associados à sobrevida dos receptores de TR devem ser avaliados tendo em vista a implementação de condutas adequadas no manejo desses pacientes. OBJETIVOS: Analisar a sobrevida de receptores de TR e fatores associados à sua mortalidade. MÉTODOS: Estudo observacional de coorte, retrospectivo, com todos os 215 pacientes submetidos a TR no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão-HUUFMA, entre 18 de março de 2000 e 18 de setembro de 2008, com seguimento mínimo de 12 e máximo de 101 meses. Características demográficas e clínicas dos pacientes foram observadas. Utilizou-se o método Kaplan-Meier para construção das curvas de sobrevida do paciente, sendo as mesmas comparadas pelo teste log-rank. O modelo de riscos proporcionais de Cox identificou fatores associados à mortalidade. RESULTADOS: A prevalência de óbito no período foi de 10,6%. A sobrevida de 1, 3 e 5 anos com doadores vivos foi de 97,8%, 94,1% e 92,9%, respectivamente, e com doadores falecidos, 95,6% e 95,6% para 1 e 3 anos, respectivamente. Foram fatores associados à menor sobrevida do paciente: idade > 40 anos (RR = 6,19; p = 0,001; IC 95% = 2,01-18,99 e intercorrência cirúrgica (RR = 4,98; p = 0,041; IC 95% = 1,07-23,27. CONCLUSÕES: As taxas de sobrevida do receptor de TR no HUUFMA foram semelhantes àquelas encontradas em outros trabalhos, nacionais e internacionais. Idade do receptor acima de 40 anos e intercorrências cirúrgicas foram significantemente associados à mortalidade do paciente neste estudo.

  12. Tendência temporal da mortalidade por homicídios na cidade de São Paulo, Brasil, 1979-1994

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita Barradas Barata

    Full Text Available Estudou-se a tendência da mortalidade por homicídios segundo sexo e idade na cidade de São Paulo entre 1979 e 1994, utilizando modelos de ajuste de tendência temporal selecionados com base na significância de beta e valor de R², e análise de resíduos pela técnica de box and whisker plot. A mortalidade por homicídios em São Paulo passou de 12,2 óbitos por 100.000 hab. em 1979 para 34,2 em 1994, apresentando crescimento linear de 1,17 ao ano. O mesmo comportamento é observado em ambos os sexos, embora as taxas para os homens sejam cerca de 14 vezes maiores, denotando a deterioração das condições de vida urbana. Tanto os menores de dez anos como os maiores de 60 anos apresentam taxas constantes no período em valores relativamente baixos. O grupo de 10 a 19 anos apresenta crescimento das taxas segundo o modelo multiplicativo (incrementos 132,55. Os adultos jovens de 20 a 39 anos apresentam taxas crescentes durante todo o período, segundo o modelo linear, enquanto os adultos de 40 a 59 anos apresentam crescimento segundo o modelo recíproco. Observa-se, assim, que cada grupo de idade e sexo apresenta tendência temporal peculiar no período considerado.

  13. Confiabilidade da causa basica de obito por cancer entre Sistema de Informacoes sobre Mortalidade do Brasil e Registro de Cancer de Base Populacional de Goiania, Goias, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Pereira Vasconcelos de Oliveira

    2014-02-01

    Full Text Available O presente estudo avaliou a confiabilidade das causas básicas de óbito por câncer por meio do relacionamento probabilístico entre Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM e Registro de Câncer de Base Populacional (RCBP de Goiânia, Goiás, Brasil, entre 2000 e 2005. Foi utilizado o RecLink III para o relacionamento e a confiabilidade foi avaliada pela utilização do coeficiente Kappa de Cohen e o ajustado por prevalência e viés discórdia marginal (prevalence- adjusted and bias-ajusted kappa – PABAK. Foram identificados 2.874 indivíduos no relacionamento para análise da confiabilidade. O kappa bruto variou de 0,336 a 0,846 e o ajustado por prevalência de 0,810 a 0,990 para os 14 grupos de neoplasias. Para os 35 principais cânceres, 12 (34,3% deles apresentaram valores de kappa bruto abaixo de 0,600 e PABAK de 0,981. Entre as principais neoplasias comuns entre os sexos, a concordância bruta variou em 0,672 e 0,790; a ajustada entre 0,894 e 0,961. Foram reclassificadas 67% de câncer de localização mal definida no SIM com as informações do RCBP. Este estudo mostrou-se útil para a qualificação das estimativas de mortalidade por câncer em áreas cobertas por RCBP.

  14. Tendência da mortalidade por suicídio na população brasileira e idosa, 1980-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cecília de Souza Minayo

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a mortalidade por suicídio no Brasil, com destaque para a população idosa. MÉTODOS: Análise temporal e estudo de tendência por regressão polinomial de suicídios na população acima de dez anos no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro de 1980 a 2006. Os dados foram extraídos do Sistema de Informações sobre Mortalidade e as taxas, calculadas segundo sexo e faixa etária, considerando-se a população residente fornecida pelo Datasus por 100 mil habitantes. Para os anos de 1980 a 1995, utilizou-se a nona revisão da Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, e para 1996 a 2006, a décima revisão. RESULTADOS: Crescimento significativo foi observado nas taxas de suicídio na população brasileira e no Rio de Janeiro (5,7 e 3,1 para cada 100 mil habitantes, respectivamente em 2006. Esse incremento ocorreu pelo aumento dos suicídios na população masculina em todas as idades. A curva crescente aconteceu principalmente entre homens maiores de 60 anos. O incremento não foi estatisticamente significativo entre homens e houve decréscimo entre mulheres no Rio de Janeiro. Os principais meios de suicídio utilizados pelos homens foram enforcamento, sufocação, estrangulamento e armas de fogo. Para as mulheres, o enforcamento também ocupou a primeira posição, seguido pela ingestão de substâncias, atiramento ao fogo e precipitação de altura. A elevada taxa de indefinição dos meios ressaltou problemas na qualidade dos dados. CONCLUSÕES: Suicídios são eventos significantes na população masculina, sobretudo entre homens idosos, ao longo do tempo. No Rio de Janeiro, as taxas entre homens idosos também são maiores, mas não estatisticamente significantes. Segundo a Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde, o suicídio é passível de prevenção e existem cuidados preconizados para cada grupo etário.

  15. Determinantes da intenção da escolha do ensino superior privado: uma perspectiva da teoria do comportamento planejado [doi: 10.5329/RECADM.2013024

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônia Mascênia Rodrigues Sousa

    2013-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa questiona a teoria do comportamento planejado que tem como modelo as crenças comportamentais, crenças normativas e as crenças de controle para explicar o comportamento do aluno  mediante as diversas modalidades  de cursos de graduação ofertados por Instituição de Ensino Superior Privada. O objetivo geral de estudo é analisar os comportamentos e crenças dos estudantes vestibulando em relação aos elementos que determinam a escolha da Instituição de Ensino Superior privado sob a ótica da Teoria do Comportamento Planejado. Utilizou-se uma amostra de 264 estudantes, entre alunos do ensino médio, especificamente, os alunos do terceiro ano, correspondente ao ano decisivo para a escolha da IES a qual prestará vestibular.  Os dados foram coletados via questionário composto de vinte e seis questões, assim, para cada grupo de crenças foi elaborada uma série de perguntas na forma de uma escala likert, de cinco (05 graduações, variando de um para discordo totalmente até cinco concordo totalmente. Os dados foram analisados através da análise fatorial exploratória e o modelo de equações estruturais. As principais crenças percebidas pelos estudantes na escolha de uma Instituição de Ensino Superior, são as crenças comportamentais, que influenciaram significativamente na intenção comportamental. Palavras-Chave Intenção, Ensino Superior, Teoria do Comportamento Planejado. DETERMINANTS OF INTENTION OF THE CHOICE OF PRIVATE HIGHER EDUCATION: A PERSPECTIVE OF THE THEORY OF PLANNED BEHAVIOR ABSTRACT This research questions the theory of planned behavior that behavioral beliefs model, normative beliefs and the beliefs of control to explain the behavior of the student through the different modalities of undergraduate courses offered by Private higher education Institution. The overall objective of the study is to analyze the behavior and beliefs of students about to take in relation to the elements that determine the

  16. Mortalidade hospitalar na cirurgia de reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homeonxerto pulmonar Hospital mortality in surgery for reconstruction outflow right ventricle with pulmonary homograft

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Weirich Lenzi

    2010-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Mortalidade hospitalar na cirurgia de reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homoenxerto pulmonar é variável. OBJETIVOS: Identificar os fatores de risco associados à mortalidade hospitalar e ao perfil clínico dos pacientes. MÉTODOS: Estudo de crianças submetidas à reconstrução da via de saída do ventrículo direito com homoenxerto pulmonar. Analisados como fatores de risco as variáveis clínicas, cirúrgicas e de aspectos morfológicos da prótese. RESULTADOS: Noventa e dois pacientes foram operados entre 1998 e 2005, apresentando principalmente atresia pulmonar com comunicação interventricular e a tetralogia de Fallot. Quarenta pacientes foram atendidos no primeiro mês de vida. Necessitaram de 38 cirurgias de Blalock Taussig devido à gravidade clínica. A idade mediana na cirurgia de correção total foi de 22 meses, variando de 1 mês a 157 meses. O tamanho homoenxerto pulmonar variou de 12 a 26 mm e o tempo de extracorpórea foi 132 ± 37 minutos. Após a cirurgia houve 17 óbitos (18% casos, em média 10,5 ± 7,5 dias após. A causa predominante foi falência de múltiplos órgãos. Na análise univariada entre os tipos de cardiopatia, estas deferiram na idade, momento da cirurgia, tamanho do homoenxerto, valor Z da valva pulmonar, tempo de circulação extracorpórea, manutenção da integridade do homoenxerto e alteração da árvore pulmonar. Não houve diferença estatística com relação à mortalidade hospitalar entre as variáveis e o tipo de cardiopatia. CONCLUSÃO: As cardiopatias obstrutivas do lado direito necessitam de atendimento cirúrgico nos primeiros dias de vida. A cirurgia de correção total apresenta risco de mortalidade de 18%, mas não houve associação com nenhuma variável estudada.BACKGROUND: Hospital mortality for surgical reconstruction of the outflow of the right ventricle with pulmonary homograft is variable. OBJECTIVES: To identify risk factors associated with

  17. Vacina contra o vírus da influenza e mortalidade por doenças cardiovasculares na cidade de São Paulo Vacuna contra el virus de la Influenza y mortalidad por enfermedades cardiovasculares en la Ciudad de São Paulo Vaccination against the influenza virus and mortality due to cardiovascular diseases in the city of Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio de Padua Mansur

    2009-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A influência da vacinação contra o vírus da gripe na mortalidade por doenças cardiovasculares (DCV é controversa. OBJETIVO: Analisar a mortalidade por DCV antes e depois do início da vacinação contra a gripe na cidade de São Paulo. MÉTODOS: Analisou-se a mortalidade por doenças isquêmicas do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCbV e por causas externas (CE na população da região metropolitana de São Paulo com idade > 60 anos, antes e depois do programa de vacinação contra a gripe. As estimativas da população e os dados de mortalidade foram, respectivamente, obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE; www.ibge.gov.br e do Ministério da Saúde (www.datasus.gov.br para o período entre 1980 e 2006. O risco de morte foi ajustado pelo método direto, em que se utilizou a população padrão (mundial referente a 1960. RESULTADOS: As comparações entre as inclinações das linhas de regressão foram semelhantes para as DCbV (p = 0,931 e CE (p = 0,941, porém, para as DIC (p = 0,022, observou-se significativa redução da linha do período pós-vacina quando comparada com a linha do período pré-vacina. Mudança na tendência da mortalidade após 1996 foi significativa somente para as DIC (p = 0,022, permanecendo inalterada para as DCbV (p = 0,931 e CE (p = 0,941. CONCLUSÃO: A vacinação contra a gripe associou-se a significativa redução da mortalidade por DIC.FUNDAMENTO: La influencia de la vacunación contra el virus de la gripe en la mortalidad por enfermedades cardiovasculares (ECV es controvertida. OBJETIVO: Analizar la mortalidad por ECV antes y después del inicio de la vacunación contra la gripe en la ciudad de São Paulo. MÉTODOS: Se analizó la mortalidad por enfermedades isquémicas del corazón (EIC, enfermedades cerebrovasculares (ECbV y por causas externas (CE en la población de la región metropolitana de São Paulo con edad > 60 años, antes y después del

  18. Estudo comparativo da mortalidade cardiovascular e por neoplasia de Adventistas e Não Adventistas do Estado do Espírito Santo, no período de 2003 a 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabete Regina Araújo Oliveira

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO: Introdução: Populações com hábitos de saúde mais saudáveis têm sido investigadas quanto ao seu padrão de ocorrência de doenças. Objetivo: Este estudo teve o objetivo de avaliar os padrões de mortalidade geral e por doenças cardiovasculares em Adventistas do Sétimo Dia (ASDs do Estado do Espírito Santo (ES, Brasil, e compará-los com a mortalidade pelas mesmas causas na população do Estado. Métodos: Foram investigados 14.519 Adventistas vivos e 995 falecidos com idade ≥ 30 anos no período de 2003 a 2009. Entre esses, 896 óbitos registrados foram confirmados no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM do Ministério da Saúde. Foram calculadas as razões padronizadas de mortalidade (RPM com o método indireto, tendo como população padrão a população ≥ 30 anos de idade do Estado. Resultados: Os Adventistas apresentaram taxas mais baixas de mortalidade geral, 42,5% menor em relação à população do ES (RMP = 57,5; IC95% 47,8 - 68,2, 52,2% menor por doenças isquêmicas do coração (RMP = 48; IC95% 25,0 - 82,8 e 46,3% menor por doenças cerebrovasculares (RMP = 54; IC95% 30,4 - 87,8. Conclusão: Hábitos saudáveis dos Adventistas em relação a dieta, tabagismo e consumo de álcool podem ter influenciado suas taxas de mortalidade mais baixas.

  19. Determinantes da autoavaliação de saúde no Brasil e a influência dos comportamentos saudáveis: resultados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celia Landmann Szwarcwald

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Investigar os determinantes da autoavaliação de saúde (AAS no Brasil e a influência dos comportamentos saudáveis. Métodos: Foram usados os dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS de 2013. A AAS foi categorizada em muito boa/boa, regular, ruim/muito ruim. Foram testadas diferenças na distribuição da AAS segundo faixa de idade e sexo e foram usados modelos de regressão logística para investigar os efeitos de grau de escolaridade, raça/cor e presença de pelo menos uma doença crônica não transmissível (DCNT sobre a AAS ruim/muito ruim. Adicionalmente, testou-se a influência dos comportamentos saudáveis, controlando-se os efeitos dos fatores sociodemográficos e presença de pelo menos uma DCNT. Resultados: Foram analisados 60.202 indivíduos, 66,1% avaliaram o seu estado de saúde como muito bom/bom, e 5,9%, como ruim/muito ruim; 47,1% referiram o diagnóstico de pelo menos uma DCNT; e apenas 9,3% disseram ter "estilo de vida saudável" (não usa produtos de tabaco, consome frutas e hortaliças e pratica atividade física no lazer. Entre os fatores sociodemográficos, idade, sexo, grau de escolaridade e raça mostraram associações significativas com a AAS, bem como a presença de pelo menos uma DCNT. Os efeitos de todos os comportamentos saudáveis foram significativos, mesmo após o controle dos demais determinantes. Conclusão: Embora a adoção dos comportamentos saudáveis no Brasil ainda seja insuficiente, a associação dos hábitos saudáveis com a percepção da saúde encontrada neste estudo é um indício de que a população brasileira já começa a relacionar os comportamentos saudáveis ao seu bem-estar e à avaliação melhor da saúde.

  20. Comitês de prevenção da mortalidade infantil no Paraná, Brasil: implantação e operacionalização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mansano Nereu Henrique

    2004-01-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo relatar a experiência de implantação e funcionamento dos Comitês de Prevenção da Mortalidade Infantil no Estado do Paraná, Brasil, apresentando as estratégias de operacionalização, composição e fluxo dos três níveis: estadual, regional e municipal. Para a efetiva implantação dessa proposta, foi necessário preparar profissionais para investigar o óbito infantil e, portanto, foram realizados treinamentos de Multiplicadores para Investigação dos Óbitos Infantis. Em dois anos, os comitês analisaram 50% dos óbitos do Estado. Pretende-se ampliar gradativamente o número de óbitos analisados, bem como dar continuidade ao acompanhamento e à reestruturação dos comitês, visando a obter melhor desempenho, mais agilidade e melhor qualidade dos dados.

  1. FATORES DETERMINANTES DA TOMADA DE DECISÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS EM UMA FEIRA LIVRE

    OpenAIRE

    Ilton Belchior Cruvinel; Daneil Staciarini Corrêa; Nelson Jorge da Silva Junior; Joelmir Feliciano; Rogério José de Almeida

    2017-01-01

    Cada vez mais se desenvolve a consciência da importância do consumo de produtos orgânicos. Tal falta pode ser observado na crescente abertura de feiras livras especializadas nesse tipo de produto. O presente artigo objetivou analisar os fatores associados ao processo de tomada de decisão de compra de produtos orgânicos por consumidores de uma feira livre na cidade de Goiânia-GO. Realizou-se de um estudo transversal analítico com abordagem quantitativa. Foram entrevistadas 84 pessoas. Ut...

  2. Tendência da mortalidade por câncer nas capitais e interior do Brasil entre 1980 e 2006 Tendencia de la mortalidad por cáncer en las capitales e interior de Brasil entre 1980 y 2006 Cancer mortality trends in Brazilian state capitals and other municipalities between 1980 and 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gulnar Azevedo e Silva

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência corrigida da mortalidade geral por câncer e principais tipos nas capitais e demais municípios do Brasil entre 1980 e 2006. MÉTODOS: Os dados sobre óbitos (n = 2.585.012 decorrentes de câncer entre 1980 e 2006 foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade, e os demográficos, no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As taxas de mortalidade geral por câncer e principais tipos foram corrigidas redistribuindo proporcionalmente 50% das mortes mal definidas e padronizando-as por idade segundo população padrão mundial. As curvas de tendência para o Brasil e grandes regiões foram calculadas para capitais e demais municípios segundo sexo e avaliadas por meio de regressão linear simples. RESULTADOS: Entre os homens, as taxas de mortalidade para os cânceres de pulmão, próstata e colo-retal foram ascendentes; declinantes para o de estômago e estáveis para o de esôfago. Entre as mulheres, houve aumento da mortalidade por câncer de mama, pulmão e colo-retal; e diminuição das taxas para os cânceres de colo do útero e de estômago. A evolução da mortalidade variou entre as regiões do País, com padrões distintos entre as capitais e demais municípios. CONCLUSÕES: A correção das taxas de mortalidade com redistribuição dos óbitos mal definidos aumentou a magnitude da mortalidade geral por câncer no Brasil em cerca de 10% em 1980 e 5% em 2006. Nos municípios do interior não se observou tendência à queda ou estabilidade como nas capitais. Menor alcance das ações de prevenção e a dificuldade de acesso a serviços de diagnóstico e tratamento para câncer para a população residente fora dos grandes centros urbanos podem explicar, em parte, essas diferenças.OBJETIVO: Analizar la tendencia corregida de la mortalidad general por cáncer y principales tipos en las capitales y demás municipios de Brasil entre 1980 a 2006. MÉTODOS: Los datos sobre óbitos (n= 2

  3. Utilização das informações vitais para a estimação de indicadores de mortalidade no Brasil: da busca ativa de eventos ao desenvolvimento de métodos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    Full Text Available Resumo: O artigo apresenta a construção histórica brasileira sobre a utilização das informações vitais, incorporando procedimentos de avaliação das informações e pesquisas de busca ativa de nascimentos e óbitos, que resultaram na proposição de métodos para o cálculo de indicadores de natalidade e mortalidade mediante o uso de registros contínuos. Além das pesquisas para captar eventos vitais referentes aos anos de 2000 e 2008, são apresentados os procedimentos para a correção dos eventos informados aos sistemas de informação e a mudança de paradigma no método de cálculo dos indicadores de mortalidade decorrente destas iniciativas. Adicionalmente, destacam-se os avanços na adequação das informações sobre óbitos e nascidos vivos no Brasil, as alterações nas estimativas da mortalidade infantil decorrentes da proposição de métodos, além do desafio de estimar o indicador para áreas geográficas subnacionais, com menores contingentes populacionais, que em sua maioria é composta por municípios com baixa cobertura e regularidade dos dados.

  4. Tratamento da hipertensão e declínio da mortalidade por acidentes vasculares cerebrais The treatment of hypertension and the decline of mortality from cerebrovascular accidents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eluf Neto

    1990-08-01

    Full Text Available É discutida a possível relação causa-efeito entre o declínio da mortalidade por acidentes vasculares cerebrais (AVC e o melhor tratamento da hipertensão arterial. Para isto são revistos criticamente na literatura internacional os possíveis artefatos estatísticos para a enumeração dos AVCs, a letalidade e a incidência de AVC a prevalência de outros fatores de risco como hipercolesterolemia, tabagismo, ingestão de sódio, potássio e álcool, a obesidade e também a contribuição da assistência médica.A possible cause-effect relation ship between the decline of mortality from cerebro-vascular accidents (CVA and a better control of arterial hypertension is discussed. The international literature on the subject is critically reviewed in the light of the possible statistical artifacts for enumeration of CVAs, the incidence and fatality of the disease, the prevalence of other risk factors such as hypercholesterolemia, smoking, and the consumption of sodium, potassium and alcohol, and obesity, as well as the contribution of health care.

  5. Atividade do acaricida etoxazol sobre a mortalidade e reprodução do ácaro-da-leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, em citros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Juari Celoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade do acaricida etoxazol, no controle e reprodução do ácaro B. phoenicis. Para tanto, foram demarcadas com cola adesiva arenas de cinco centímetros de diâmetro em frutos de citros com alta infestação do ácaro. O ensaio foi delineado em parcelas inteiramente casualizadas, com oito tratamentos e quatro repetições. Em cada arena foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos. Os tratamentos constaram dos seguintes acaricidas e doses em g i.a./100 L de água: etoxazol 110 SC (1,1; 1,65; 2,75 e 5,5; hexitiazoxi 500 PM (0,75; flufenoxuron 100 CE (3; cihexatina 500 PM (25, aplicados diretamente sobre as arenas. Os frutos foram mantidos em câmara de germinação tipo BOD. com temperatura de 25 ± 2 ºC e fotofase de 12 horas. Diariamente, foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos, com auxílio de microscópio esteroscópio. Os parâmetros avaliados foram a atividade ovicida, esterilização de fêmeas e efeito sobre formas jovens. Constatou-se que o etoxazol provocou mortalidade de formas jovens do ácaro-da-leprose superior a 95%, nas doses a partir de 1,1 g i.a. /100 L de água. Ovos tratados com etoxazol, nas doses a partir de 1,65 g i.a. /100 L de água, apresentaram inviabilidade média de 60%. O etoxazol apresentou efeito esterilizante sobre fêmeas nas doses a partir de 2,75 g i.a./100 L de água, inviabilizando 95% dos ovos.

  6. Infant mortality and prenatal care: contributions of the clinic in the light of Canguilhem and Foucault Mortalidad infantil y prenatal: contribuciones de la clínica bajo la perspectiva de Canguilhem y Foucault Mortalidade infantil e pré-natal: contribuições da clínica à luz de Canguilhem e Foucault

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Pereira de Figueiredo

    2012-02-01

    ías disponibles en el sistema de salud y, en conjunto, consigan contribuir para la reducción de la mortalidad infantil en Brasil.Neste estudo de revisão objetivou-se verificar como pesquisas realizadas no Brasil relacionam a mortalidade infantil e o pré-natal e apresentar contribuições da clínica à luz de Canguilhem e Foucault, para a qualificação da assistência. Realizou-se revisão integrativa de literatura a partir de buscas nas bases de dados SciELO, LILACS, MEDLINE e BDENF, no período de 2000 a 2009. A relação entre a mortalidade infantil e o pré-natal refere-se ao número insuficiente de consultas ou à qualidade do atendimento prestado. Mesmo quando o número e a rotina de consultas no pré-natal foram adequados, os óbitos evitáveis estiveram presentes. Para a qualificação da assistência oferecida, sugere-se que sejam considerados o conhecimento clínico e os demais elementos componentes do processo de viver humano, no intuito de que o olhar clínico seja ampliado e articulado às tecnologias disponíveis no sistema de saúde e, em conjunto, consigam contribuir para a redução da mortalidade infantil no Brasil.

  7. Análise da mortalidade e das internações por doenças cardiovasculares em Niterói, entre 1998 e 2007 Análisis de la mortalidad y de las hospitalizaciones por enfermedades cardiovasculares en Niterói, entre 1998 y 2007 Analysis of mortality and hospitalization for cardiovascular diseases in Niterói, between 1998 and 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Garcia Rosa

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A redução da mortalidade por doenças cardiovasculares é observada no Brasil há anos, atribuída à queda nos fatores de risco, melhora na terapêutica e diminuição da mortalidade hospitalar. OBJETIVO: Comparar a mortalidade populacional, o coeficiente de internação e a mortalidade hospitalar em unidades do Sistema Único de Saúde, para doença isquêmica do coração (DIC, doenças cerebrovasculares (DCBV e insuficiência cardíaca (IC, no município de Niterói, entre 1998 e 2007. MÉTODOS: Foram utilizados o número de óbitos e o de internações e mortalidade hospitalar de residentes em Niterói para o capítulo IX do CID10 e causas específicas disponíveis no Datasus, na população de 30 anos e mais. A diferença entre a magnitude dos indicadores foi calculada para homens e mulheres considerando a média do primeiro triênio menos a média do segundo triênio. RESULTADOS: Houve queda dos coeficientes de mortalidade populacional em homens e mulheres, para todas as faixas etárias, nos três grupos de causas e para o capítulo IX. A tendência à queda dos coeficientes diminuiu com a idade. Para DIC houve queda na mortalidade hospitalar. Para DCBV e IC, aumento. Os coeficientes de internação hospitalar por DIC diminuíram, com exceção de algumas faixas. CONCLUSÃO: O presente estudo permitiu esclarecer alguns aspectos da morbimortalidade cardiovascular em Niterói. A redução da mortalidade populacional e hospitalar por DIC indica haver melhor qualidade na abordagem dessa condição. O aumento da mortalidade hospitalar por DCBV e IC aponta para a necessidade de se dar maior atenção à qualidade do cuidado hospitalar para esses grupos de doenças.FUNDAMENTO: La reducción de la mortalidad por enfermedades cardiovasculares se viene observando en Brasil desde hace años, se la asigna a un descenso en los factores de riesgo, a una mejora en el tratamiento y a una mortalidad hospitalaria reducida. OBJETIVO: Para

  8. Estudo multicêntrico da mortalidade por homicídios em países da América Latina Multicentric study of deaths by homicide in Latin American countries

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinilsa Ramos de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available Realizou-se um estudo epidemiológico descritivo da mortalidade por homicídios em países da América Latina (Argentina, Brasil, Colômbia e México de 1990 a 2007. Analisam-se óbitos por causas externas e homicídios, codificados nas 9ª. e 10ª. revisões da Classificação Internacional de Doenças/CID, considerando-se sexo, faixa etária e meio usado na agressão. Apresentam-se números, proporções e taxas ajustadas de mortalidade por homicídios. Usou-se o modelo de regressão linear na tendência das taxas de homicídios por grupos etários. No período, os países contabilizaram 4.086.216 mortes por causas externas e 1.432.971 homicídios. Na Argentina as causas externas cresceram 54,5%, mas diminuíram nos demais (37% no México; 31,8% na Colômbia e 8,1% no Brasil. As razões de mortalidade por homicídios para ambos os sexos foram de 9,1 na Colômbia, 4,4 no Brasil e 1,6 no México, tomando-se as taxas da Argentina como referência. A evolução das taxas de homicídios por faixa etária e sexo mostrou-se distinta nos países: em todos os grupos etários foi crescente no Brasil e decrescente na Colômbia. Destaca-se a necessidade de se priorizar os jovens do sexo masculino nas políticas públicas de atenção e prevenção e da região adotar políticas inclusivas, ampliar e consolidar sua democracia e os direitos dos seus habitantes.This article is a descriptive epidemiological study of deaths by homicide in Latin American countries (Argentina, Brazil, Colombia and Mexico from 1990 to 2007. Deaths due to external causes and homicides, as codified in the 9th and 10th revisions of the International Classification of Diseases/ICD, were analyzed considering sex, age and manner of assault. The numbers, ratios and adjusted rates for deaths by homicide are presented. A linear regression model was used to ascertain the trend of homicide rates by age group. During the period, 4,086,216 deaths from external causes and 1,432,971 homicides

  9. Determinants of competitiveness in Santa Catarina`s higher education sector, from perception of its main CEOs Fatores determinantes da competitividade no ensino superior de Santa Catarina, a partir da percepção dos seus principais dirigentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cesar Leite Esteves

    2011-12-01

    determinantes de mudanças ocorridas na estrutura competitiva do Setor de Ensino Superior de Santa Catarina, a partir da percepção dos principais dirigentes das instituições de Ensino Superior de Santa Catarina e com os dirigentes das duas entidades que congregam as Instituições Privadas Comunitárias, ou seja, a ACAFE e as Instituições Privadas Particulares, ou seja, a AMPESC, que participam da criação e estruturação do Setor de Ensino Superior no Estado. Desenvolvida a partir de uma abordagem qualitativa do tipo interpretativa, por meio de pesquisas bibliográficas e entrevistas com Dirigentes do Setor Público, do Setor Privado Comunitário e do Setor Privado Particular, a pesquisa identificou e classificou um conjunto de oito Fatores Determinantes das mudanças ocorridas na estrutura competitiva do Setor. Por outro lado, a análise comparativa desses Fatores com os dos Modelos Teóricos de Competitividade demonstra que não há um Modelo único capaz de explicar, integralmente, os fatores percebidos pelos Dirigentes como determinantes das mudanças do quadro de competitividade no Setor.

  10. Determinantes da formação do capital intelectual nas empresas produtoras de tecnologia da informação e comunicação.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson Celestino Lima

    2011-02-01

    Full Text Available O processo de avaliação de empresas tem avançado no sentido de incorporar novas metodologias e/ou adaptar as metodologias já existentes, comprovadamente eficientes, para os novos paradigmas da avaliação. A área de avaliação incorpora outras disciplinas além das já conhecidas de Finanças e requer maior interação com a dinâmica estratégica das organizações. Em se tratando de avaliação dos intangíveis, uma questão bastante relevante se impõe: o valor do capital intelectual. Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC são empresas diferenciadas e que precisam de um adequado tratamento quando do processo de determinação do seu valor de mercado. As metodologias tradicionais apenas demonstram o valor da empresa; no entanto, por ser esse tipo de empresa preponderantemente de capital intangível, é difícil identificar seus geradores de valor. Esta pesquisa teve como objetivo principal identificar os direcionadores de valor de empresas de tecnologia da informação e comunicação, usando a análise multivariada e especificamente a análise fatorial. Essa metodologia objetivou, explorar, através de questionário respondido por gestores de empresas de TIC, quais seriam as variáveis fundamentais na criação de valor nesse tipo específico de organização. De acordo com os resultados da pesquisa, o capital intangível é formado por quatro fatores ou drivers: o Capital Humano, respondendo por 26,8% da variância total; a Gestão do Capital Humano, respondendo por 21,4% da variância total; o Capital Estrutural, respondendo por 19,7%, e o Ambiente Organizacional, respondendo por 19,1%. Juntos, esses fatores respondem por 87% de toda a variância envolvendo o capital intangível.

  11. Inibição da formação de abscesso abdominal em rato: mortalidade por sepse Inhibition of abdominal abscess formation in rat: Mortality by sepsis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Oliveira Carmo Rodrigues

    2005-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Atribui-se aos abscessos intra-abdominais e às aderências peritoniais a função de isolar os processos sépticos e proteger o organismo da bacteremia. Por outro lado, esses fenômenos também dificultam o afluxo de fatores imunitários e antibióticos para a região infectada. OBJETIVO: Avaliar o efeito da prevenção de abscessos na sobrevida após peritonite bacteriana. MÉTODOS: Foram estudados 30 ratos Wistar machos que receberam solução de fezes a 50% intra-abdominal e que foram distribuídos em três grupos (n = 10. Grupo 1: controle (solução de fezes; grupo 2: solução de fezes mais solução salina a 0,9%; grupo 3: solução de fezes mais carboximetilcelulose a 1%, para inibir a formação de aderências. Os três grupos foram divididos em dois subgrupos (n = 5: subgrupo A: nova laparotomia, após 4 dias, para inspeção da cavidade abdominal; e subgrupo B: acompanhamento durante 30 dias para avaliação da mortalidade e da causa de morte. A análise estatística utilizou o teste exato de Fisher. RESULTADOS: O acréscimo de solução salina a 0,9% não aumentou a mortalidade do grupo. Entretanto, no grupo em que se acrescentou a solução de carboximetilcelulose, houve menor formação de abscessos, que também foram mais tênues e a mortalidade aumentou em relação ao grupo controle. CONCLUSÃO: A inibição na formação de aderências peritoniais e de abscessos acompanha-se de maior mortalidade decorrente do processo séptico intra-abdominal generalizado.

  12. Determinantes da Estrutura de Capital de Empresas Brasileiras: Uma Análise Empírica das Teorias de Pecking Order e Trade-Off no Período de 2005 e 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Rabelo Henrique

    2018-04-01

    Full Text Available O presente estudo investiga os determinantes da estrutura de capital, utilizando a técnica de regressão múltipla de dados, para uma amostra de 723 empresas, de diversos setores da economia brasileira, no período de 2005 e 2014, a fim de determinar a importância relativa dos fatores específicos da empresa. A teoria do pecking order oferece a existência de uma hierarquia no uso de fontes de recursos, enquanto a teoria de trade-off considera a existência de uma estrutura meta de capital que seria perseguida pela empresa. Foram utilizadas doze variáveis contábeis, nas quais cinco foram dependentes (relacionadas à endividamentos e mais sete como variáveis independentes (explicativas dos determinantes da estrutura de capital.  Foram elas: a endividamentos: Endividamento Total; Endividamento de Curto Prazo; Endividamento de Longo Prazo; Endividamento Financeiro Oneroso de Curto Prazo; e, Endividamento Financeiro Oneroso de Longo Prazo; b Determinantes da Estrutura de Capital: Liquidez Corrente; Tangibilidade; Retorno dos Ativos; Retorno aos Investidores; Nível de Pagamento do Imposto de Renda; Crescimento das Vendas; e, Crescimento dos Ativos. Os principais resultados deste estudo como contribuição foram os seguintes: a relações positivas em tangibilidade dos ativos e negativa para os retornos dos ativos; b a liquidez corrente está relacionada negativamente com os indicadores de endividamento; c o retorno aos investidores não foi possível confirmar sua relação com os indicadores de endividamento; d crescimento dos ativos é relacionada positivamente com o endividamento a curto prazo e relacionada negativamente com os endividamentos de curto e longo prazos financeiros onerosos; e o crescimento das vendas é relacionada negativamente com os indicadores de endividamento; f o nível de pagamento de imposto de renda apresentou uma relação positiva junto ao endividamento de curto prazo, não sendo possível compará-la com outros n

  13. Fatores determinantes da carga de trabalho em uma unidade básica de saúde Decisive factors relating to workload in a primary healthcare unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson Rogério da Silva

    2011-08-01

    Full Text Available As doenças decorrentes do exercício pro-fissional, sejam de ordem física ou emocional, têm apresentado aumento crescente na sociedade atual, nos diferentes segmentos laborativos, com projeção significativa junto aos profissionais da saúde como médicos, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e auxiliares administrativos envolvidos com a prestação de serviços nas unidades de saúde. Este estudo teve por objetivo conhecer a carga de trabalho e seus fatores determinantes, buscando identificar possíveis relações entre as condições de trabalho e o possível impacto para a saúde dos trabalhadores. Participaram da amostra 31 indivíduos: 12 médicos, 3 dentistas, 1 enfermeira, 9 auxiliares de enfermagem, 3 auxiliares odontológicos e 3 auxiliares administrativos de uma Unidade Básica de Saúde (UBS no interior de São Paulo. Para a coleta dos dados foi elaborado um roteiro de entrevista estruturado e realizadas reuniões com os grupos específicos para uma descrição detalhada das atividades realizadas em cada setor e o levantamento de problemas e de características desejáveis. Os resultados indicam a presença de carga física, carga cognitiva e carga psíquica; processo de comunicação inadequado; equipamentos obsoletos; número excessivo de usuários e estrutura frágil para lidar com absenteísmo.Work-related diseases o either physical or emotional origin have been on the increase in contemporary society in the different work sectors. They have had a profound impact on health professionals, such as physicians, dentists, nurses, nursing assistants and administrative assistants in the primary healthcare units. This study aimed to establish the decisive factors relating to workload, seeking to identify possible relations between the working conditions and their potential impact on worker health. Thirty-one individuals comprised the sample, namely 12 physicians, 3 dentists, 1 nurse, 9 nursing assistants, 3 dental

  14. Determinantes sócio-históricos do cuidado na Estratégia Saúde da Família: a perspectiva de usuários da área rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Meirelles de Oliveira

    2015-09-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo identificar os determinantes sócio-históricos atribuídos pelos usuários às vivências de cuidado na Estratégia Saúde da Família (ESF na área rural do município de Sacramento/MG. Trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, utilizando para a coleta de dados a técnica de grupos focais e para a interpretação dos resultados, a análise de conteúdo. Foram constituídos três grupos com representantes das famílias de três, dentre seis, povoados rurais, totalizando 36 sujeitos, doze em cada grupo, residentes na área rural e usuários da ESF há pelo menos dois anos, escolhidos com base em fichas de cadastro das famílias na ESF estudada. Sob a perspectiva do materialismo histórico, a análise de conteúdo dos grupos foi concentrada em quatro categorias: disponibilidade; acesso a recursos; movimento socialecondições materiais. Os resultados demonstraram satisfação dos usuários em relação à disponibilidade da equipe para a atenção, e o tato nas relações; engajamento na manutenção das condições de saúde e atuação na dimensão sócio-histórica do processo saúde/doença com objetivo de melhorar as condições de vida e trabalho. Houve insatisfação em relação ao aspecto organizacional, remetendo a tudo que ainda está insuficiente, precário ou inexistente nas comunidades. Observou-se na ação da equipe o desenvolvimento de capacidades junto à comunidade que garantiam seus direitos sociais e sua politização. Conclui-se que o enfrentamento do processo saúde/doença pela comunidade e equipe da ESF envolve outros elementos, além do conhecimento técnico-científico, que determinam a simetria do vínculo profissional/usuário viabilizando a produção conjunta de saúde na comunidade.

  15. Evolução da mortalidade por neoplasias malignas no Rio Grande do Sul, 1979-1995 Time trends in cancer mortality in Rio Grande do Sul, Brazil, 1979-1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Curi Hallal

    2001-11-01

    Full Text Available Foi analisada a mortalidade por câncer no Rio Grande do Sul (RS, entre 1979 e 1995. As variáveis consideradas foram sexo, idade, ano de ocorrência do óbito e causa básica da morte. Para análise da tendência das taxas padronizadas de mortalidade (método direto, população padrão: RS-1996 foi utilizada a regressão linear simples. As localizações mais freqüentes do tumor foram: pulmão, esôfago, próstata, estômago e cólon/reto, nos homens, e mama, colo do útero/útero não especificado, pulmão, cólon/reto e estômago, nas mulheres. A tendência temporal das taxas padronizadas de mortalidade, em cada sexo, do ponto de vista estatístico, foi de estabilidade, bem como por câncer de cólon/reto feminino e de colo do útero/útero não especificado. Verificou-se tendência estatisticamente significativa de crescimento da mortalidade por câncer de pulmão, em ambos os sexos, mama feminina, próstata e cólon/reto masculino; e, da mesma forma, decréscimo por câncer de estômago, para ambos os sexos, e esôfago, para os homens.The aim of this study was to analyze cancer mortality in Rio Grande do Sul (RS, Brazil, during the period from1979 to 1995. Study variables were sex, age, year and underlying cause of death. The simple linear regression technique was used to evaluate the trend of standardized death rates (direct method, using the population of RS in 1996 as the standard. The most frequent sites of tumors in males were lung, esophagus, prostate, stomach and colon/rectum; in females they were breast, cervix of the uterus, lung, colon/rectum and stomach. Standardized death rates presented a stable trend for all malignant neoplasms in both sexes, as did cancer of cervix of the uterus/ non-specified uterus and colon/rectum tumors in females. A significant rising trend was observed in mortality rates due to lung cancer in both sexes, breast cancer in females, prostate and colon/rectum cancer in males. The rates of stomach cancer

  16. Compressão da mortalidade: um estudo da variabilidade da idade à morte na população do Estado de São Paulo, Brasil, 1980-2005 Compression of mortality: a study on the variability of age at death in the State of São Paulo, Brazil, 1980-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Roberto Gonzaga

    2009-07-01

    Full Text Available Este trabalho analisou as mudanças na estrutura de mortalidade da população do Estado de São Paulo, Brasil, entre 1980 e 2005, na tentativa de identificar os efeitos destas mudanças na variabilidade da idade à morte. As evidências de um deslocamento da distribuição de óbitos para as idades mais avançadas foram claras, pois o tempo médio de vida da população aumentou cerca de sete anos. Buscou-se analisar se esse deslocamento foi acompanhado por uma redução na variabilidade da idade à morte, o que daria suporte para o início de um processo de compressão da mortalidade. Dois períodos distintos de mudança na variabilidade da idade à morte foram evidenciados. No primeiro (1980 a 1995, identificou-se aumento na variabilidade da idade à morte. Já no segundo (1995 a 2005 reconheceu-se tendência de redução nessa variabilidade. Estimativas acima de determinado quartil da distribuição dos óbitos por idade indicaram que o processo de compressão da mortalidade ocorreu em quase todo o período. Destaca-se que as mulheres apresentaram variabilidade da idade à morte significativamente menor que os homens em todo o período analisado.In the present study, changes in the population mortality structure in the State of São Paulo, Brazil, were analyzed from 1980 to 2005, aimed at identifying the effects of these changes on the variability of age at death. Evidence of a change in the distribution of deaths toward more advanced ages was found, and the mean lifespan for the overall population increased by seven years during the period. Two different scenarios were observed. The first (1980-1995 showed an increase in the variability of age at death. The second (1995-2005 showed a downward trend in variability. Estimates beyond a given quartile of the death distribution by age indicated that compression of mortality took place throughout the entire period. However, variability of age at death was lower for males as compared to females.

  17. Doenças Crônicas Não Transmissíveis: perfil da mortalidade no município de Natal/RN no período de 2000 a 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilane Vilela Marques

    2017-10-01

    Full Text Available Justificativa e objetivos: Como consequência da transição demográfica e epidemiológica, atualmente as Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT são responsáveis pela maior carga de morbidade e mortalidade no mundo, evidenciando a necessidade de monitorar sua ocorrência. O objetivo desse estudo foi analisar a tendência temporal e descrever o perfil da mortalidade por DCNT no município de Natal-RN. Métodos: Foram analisados os óbitos ocorridos no período de 2000 a 2014, oriundos decorrentes das Neoplasias, Doenças do Aparelho Circulatório, Doenças do Aparelho Respiratório e Diabetes Mellitus. A partir dos dados do VIGITEL foram avaliados os principais fatores associados a estas causas. A tendência foi analisada pelo método de regressão linear simples. Resultados: Foram registrados 34.618 óbitos por DCNT, 49% do sexo masculino e 51% do feminino; as Neoplasias foram responsáveis por 32,4% dos óbitos; as Doenças do Aparelho Circulatório por 49,8%; as Doenças do Aparelho Respiratório por 6,9% e o Diabetes Mellitus por 10,9% dos óbitos. Foi observada tendência de redução da mortalidade pelo conjunto dessas causas; A população acima de 50 anos foi responsável por 88% dos óbitos. Houve redução na prevalência do Tabagismo e sedentarismo, porém aumento de sobrepeso e obesidade. Conclusões: As DCNT representam uma importante causa de morte em indivíduos acima de 50 anos no município de Natal, destacando-se as taxas de mortalidade por Diabetes em mulheres.

  18. Mortality is higher in patients with leptomeningeal metastasis in spinal cord tumors Mortalidade é mais elevada na disseminação metastática leptomeníngea em tumores da medula espinhal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de Amoreira Gepp

    2012-01-01

    Full Text Available Spinal cord tumors are a rare neoplasm of the central nervous system (CNS. The occurrence of metastases is related to poor prognosis. The authors analyzed one series of metastasis cases and their associated mortality. METHODS: Clinical characteristics were studied in six patients with intramedullary tumors with metastases in a series of 71 surgical cases. RESULTS: Five patients had ependymomas of which two were WHO grade III. The patient with astrocytoma had a grade II histopathological classification. Two patients required shunts for hydrocephalus. The survival curve showed a higher mortality than the general group of patients with no metastases in the CNS (pTumores da medula espinhal são neoplasias raras do sistema nervoso central (SNC. A ocorrência de metástases é relacionada a pior prognóstico. Os autores analisaram uma série de casos de metástases e a mortalidade relacionada. MÉTODO: Foram estudadas as características clínicas em seis pacientes com metástases tumorais numa série de 71 casos operados. RESULTADOS: Cinco pacientes tinham ependimomas e dois dos quais foram grau III pela classificação da OMS. O paciente portador de astrocitoma tinha classificação histopatológica de grau II. Dois pacientes necessitaram de derivação devido à hidrocefalia. A curva de sobrevivência mostrou mortalidade mais elevada no grupo de pacientes com disseminação pelo SNC (p<0,0001. CONCLUSÃO: A mortalidade, além de elevada em pacientes com metástases, é maior do que em pacientes apenas com lesão primária. Os ependimomas, independentemente do seu grau de anaplasia, costumam causar mais metástases do que os astrocitomas medulares.

  19. Mortality is higher in patients with leptomeningeal metastasis in spinal cord tumors Mortalidade é mais elevada na disseminação metastática leptomeníngea em tumores da medula espinhal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de Amoreira Gepp

    2013-01-01

    Full Text Available Spinal cord tumors are a rare neoplasm of the central nervous system (CNS. The occurrence of metastases is related to poor prognosis. The authors analyzed one series of metastasis cases and their associated mortality. METHODS: Clinical characteristics were studied in six patients with intramedullary tumors with metastases in a series of 71 surgical cases. RESULTS: Five patients had ependymomas of which two were WHO grade III. The patient with astrocytoma had a grade II histopathological classification. Two patients required shunts for hydrocephalus. The survival curve showed a higher mortality than the general group of patients with no metastases in the CNS (pTumores da medula espinhal são neoplasias raras do sistema nervoso central (SNC. A ocorrência de metástases é relacionada a pior prognóstico. Os autores analisaram uma série de casos de metástases e a mortalidade relacionada. MÉTODO: Foram estudadas as características clínicas em seis pacientes com metástases tumorais numa série de 71 casos operados. RESULTADOS: Cinco pacientes tinham ependimomas e dois dos quais foram grau III pela classificação da OMS. O paciente portador de astrocitoma tinha classificação histopatológica de grau II. Dois pacientes necessitaram de derivação devido à hidrocefalia. A curva de sobrevivência mostrou mortalidade mais elevada no grupo de pacientes com disseminação pelo SNC (p<0,0001. CONCLUSÃO: A mortalidade, além de elevada em pacientes com metástases, é maior do que em pacientes apenas com lesão primária. Os ependimomas, independentemente do seu grau de anaplasia, costumam causar mais metástases do que os astrocitomas medulares.

  20. Evolução da mortalidade por cancro do pulmão em Portugal (1955-2005 Trends in lung cancer mortality in Portugal (1955-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Alves

    2009-08-01

    Full Text Available Introdução: A prevalência de fumadores tem diminuído na Europa Ocidental, observando-se já o declínio da mortalidade por cancro do pulmão. Contudo, até 1998 não se observava ainda um decréscimo da frequência deste cancro em Portugal. Objectivo: Descrever a tendência secular da mortalidade por cancro do pulmão em Portugal. Métodos: As taxas de mortalidade por cancro do pulmão (ICD10:C33-34 em Portugal, entre 1955 e 2005, por sexo e grupo etário (5 anos de amplitude, obtiveram-se através da Organização Mundial de Saúde e do Instituto Nacional de Estatística. Calcularam-se taxas de mortalidade padronizadas (método directo, população mundial, para os grupos etários 35-74/35-44/45-54/55-64/65-74 anos. Realizou-se uma regressão joinpoint para calcular a variação anual percentual (VA% da mortalidade e identificar eventuais pontos de inflexão. Resultados: Entre 1955 e 2005, em homens dos 35 aos 74 anos, observou-se uma estabilização da mortalidade por cancro do pulmão, variando 3,77%/ano (intervalo de confiança a 95% [IC95%]: 3,53; 4,01 entre 1955 e 1986 e -0,15%/ano (IC95%: -0,99; 0,69 entre 1996 e 2005. Observaram-se estimativas pontuais da VA% negativas (não significativamente inferiores a zero nas tendências mais recentes de todos os grupos etários, excepto no grupo 45-54 anos, onde apenas se verificou uma desaceleração da VA% desde 1981. Em mulheres entre 35 e 74 anos, a mortalidade aumentou 1,60%/ano (IC95%: 1,40; 1,77 entre 1955 e 2005. Conclusão: Observou-se uma estabilização das taxas de mortalidade por cancro do pulmão nos homens, enquanto nas mulheres esta aumentou de forma constante. Estes resultados colocam Portugal no final do terceiro estádio da epidemia tabágica.Introduction: While the rate of smoking and lung cancer mortality has been decreasing in western Europe, there was no decline in lung cancer mortality in Portugal until 1998. Aim: To describe lung cancer mortality trends in Portugal

  1. Evolução da mortalidade por causas evitáveis e expansão dos recursos municipais de saúde em Maringá, Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Scochi Maria José

    1999-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a evolução do perfil da mortalidade por doenças evitáveis, em Maringá, PR, relacionando-o à qualidade de assistência á saúde. MÉTODOS: A partir da proposição de estudos de resultado da assistência foram selecionadas 11 causas de mortes. À evolução dos óbitos foi associada a evolução dos recursos disponíveis, bem como ao grau de escolarização e saneamento básico, no período de 1983-1993. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os dados revelaram que as taxas de mortalidade da maioria das causas evitáveis tenderam ao declínio, com uma redução de 39%, em contraposição a 16% das demais. Observou-se uma melhora das condições de escolarização e de saneamento. A evolução positiva das condições gerais da população dificulta atribuir imediatamente aos serviços a responsabilidade sobre o declínio das mortes evitáveis, mas a diferença entre estas mortes e as demais permite inferir que, se diante de condições satisfatórias de vida ocorresse um recrudescimento desses indicadores, poder-se-ia constatar uma falta de efetividade dos serviços. A constatação do arrefecimento dos indicadores pode fazer supor que a expansão dos serviços auxiliou no declínio.

  2. Alguns aspectos da mortalidade entre japoneses e seus descendentes residentes no município de São Paulo, Brasil Some aspects of mortality in Japanese and their descendants in the city of S. Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabina Léa Davidson Gotlieb

    1974-12-01

    Full Text Available São analisadas algumas características da mortalidade entre imigrantes japoneses e seus descendentes residentes no município de São Paulo, comparando-as com a população do Japão e geral do município de São Paulo. Os imigrantes japoneses e seus descendentes apresentam padrão de mortalidade de nível intermediário entre o do local de origem e o de destino, aproximando-se mais do nível de saúde do Japão. A mortalidade infantil entre os descendentes dos imigrantes, nascidos no município de São Paulo, é bem inferior à do município de São Paulo. O risco de morrer por lesões vasculares que afetam o sistema nervoso central é mais alto no Japão. Por outro lado, o risco de morrer por doenças cardíacas é muito mais alto no município de São Paulo. Os imigrantes japoneses apresentam-se num nível intermediário de mortalidade pelas causas acima referidas. Tal fato sugere atuação de fatores ambientais, levando os imigrantes a adquirirem padrão de mortalidade do local de destino.Some mortality characteristics of Japanese immigrants and their descendants living in the city of S. Paulo, Brazil, are analysed. Comparison between these characteristics and those among the populations of Japan and the city of S. Paulo has been made. The Japanese immigrants and their descendants have an intermediate pattern of mortality ranking between the pattern of Japan and the S. Paulo one, being closer to the former. The infant mortality rate among the Japanese born in S. Paulo is much lower than the S. Paulo rate. The death rate for vascular lesions affecting the Central Nervous System is higher in Japan. On the other hand, the death rate for diseases of the heart (except rheumatic heart disease is much higher in S. Paulo. The association of a low death rate for diseases of the heart with a high death rate for vascular lesions affecting the Central Nervous System is observed. The Japanese immigrants tend to occupy an intermediate mortality level

  3. Estudo da morbidade e da mortalidade perinatal em maternidades. I-Descrição do projeto e resultados gerais A study of perinatal morbidity and mortality in maternity-hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1984-12-01

    Full Text Available É descrito estudo sobre morbidade e mortalidade ocorridas no período perinatal por meio da coleta de dados referentes ao evento, ao produto e à mãe. O estudo foi feito, de maneira coordenada e padronizada, em nove maternidades, sendo sete no Estado de São Paulo, uma no Rio de Janeiro e outra em Florianópolis, SC, o que possibilitou a coleta de dados referentes à 13.130 eventos, dos quais 12.782 eram nascidos vivos; 217 nascidos mortos e 131 abortos. Esta apresentação é a primeira de uma série e que visou descrever detalhadamente o projeto, bem como apresentar alguns resultados globais, sendo que resultados mais específicos serão apresentados futuramente. Dentre os resultados globais chama a atenção a alta mortalidade perinatal, a alta percentagem de cesária e o baixo peso nos casos de nascidos mortos ser, aproximadamente, cinco vezes mais forte que o baixo peso ao nascer nos casos de nascidos vivos.Collecting data on deliveries, newborn and mothers, in maternity-hospitals, is the best way to conduct research into perinatal morbidity and mortality. The kind of study which was carried out in nine Brazilian maternity-hospitals, seven of then situated in cities in the State of S. Paulo, one in Rio de Janeiro and another in Florianópolis, Santa Catarina, is described. The study called for the collection of data on 13,130 deliveries, of which 12,782 were live births, 217 still-births and 131 abortions. This is the first of a series of papers; the aims of this one are to describe the project and to present some general results; however, more specific results will be presented in the future. The high perinatal mortality rate, the high proportion of cesarian sections and the several times greater incidence of low birth-weight in still-births as compared with live births, deserved particular attention.

  4. Perfil da mortalidade por intoxicação com medicamentos no Brasil, 1996-2005: retrato de uma década Profile of mortality by intoxication with medication in Brazil, 1996-2005: portrait of a decade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Marques Mota

    2012-01-01

    Full Text Available A ocorrência de óbitos por intoxicação com medicamentos tem sido considerada um dos agravos de saúde pública. O estudo descreve o perfil epidemiológico da mortalidade por intoxicação com medicamentos na população do Brasil entre 1996 e 2005. Realizou-se um estudo descritivo com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. Selecionaram-se os óbitos segundo a Classificação Internacional de Doenças (CID-10. Foram identificados 4.403 óbitos ocorridos em homens (53,9%, solteiros (53,7% e faixa etária de 20-39 anos (44,0%. A maioria dos óbitos foi por autointoxicação intencional por anticonvulsivantes, sedativos, antiparkinsonianos e psicotrópicos. A taxa padronizada de mortalidade foi maior na região Centro-Oeste e os Anos Potenciais de Vida Perdidos aumentou durante o período estudado em 15,50%. O estudo apresentou as características e variações na mortalidade por intoxicação com medicamentos no Brasil que pode ser um reflexo do padrão de consumo dos medicamentos no país atrelado à necessidade de aprimoramento das políticas de vigilância sanitária.The occurrence of deaths caused by intoxication with medication have been considered a worsening public health problem. The study describes the epidemiological profile of medication-related intoxication in the general Brazilian population from 1996 to 2005. A descriptive study was conducted with mortality data obtained from the Mortality Information System of the Brazilian Ministry of Health. Deaths were selected according to the codes of the International Classification of Diseases (ICD-10. A total of 4,403 deaths were found inn males (53.9%, bachelors (53.7% and the 20 to 39 year-old age bracket (44%. The majority of deaths were caused by intentional self-intoxication using anticonvulsants, sedatives, antiparkinsonians and psychotropics. The standardized mortality rate was higher in the Midwest region and Potential Life-Years Lost

  5. Magnitude da mortalidade por câncer do colo do útero na Região Nordeste do Brasil e fatores socioeconômicos Magnitude of mortality from cervical cancer in the Brazilian Northeast and socioeconomic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Justina Gamarra

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a tendência temporal da mortalidade por câncer do colo do útero segundo dados de óbito corrigidos ou não e verificar a associação entre essas informações e indicadores socioeconômicos selecionados em mulheres com 20 anos ou mais residentes no Nordeste do Brasil (capital e interior no período de 1996 a 2005. MÉTODOS: Foram incluídos no estudo os óbitos por câncer do colo do útero captados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM e aqueles identificados como sendo decorrentes dessa neoplasia após processo de correção. Através de regressão linear simples, foram analisadas as tendências temporais da mortalidade e as correlações com os indicadores socioeconômicos selecionados através de correlação de Pearson (r. RESULTADOS: As maiores taxas de mortalidade por câncer do colo do útero sem correção corresponderam às capitais e as menores foram observados no interior dos estados. Por outro lado, os maiores coeficientes de mortalidade corrigidos foram observados para o interior dos estados e os menores para as capitais, invertendo o quadro. Da mesma forma, as menores taxas de mortalidade sem correção foram observadas nos estados com maior pobreza, analfabetismo, fecundidade e mortalidade infantil, enquanto as maiores taxas de mortalidade sem correção foram observadas nas regiões com melhores indicadores sociais. As taxas corrigidas mostraram associação negativa com os indicadores que assinalam melhores condições de vida, e positiva com os indicadores que descrevem piores condições de vida. CONCLUSÕES: A utilização de dados não corrigidos de mortalidade pode levar à subestimação do câncer do colo de útero e comprometer as interpretações de análises comparativas sobre a magnitude, distribuição e fatores associados a essa doença. A magnitude desse câncer merece ser reavaliada, pelo menos no Nordeste do Brasil. Contudo, os resultados demonstram que já há resultados

  6. Data mining to estimate broiler mortality when exposed to heat wave Mineração de dados e estimativa da mortalidade alta de frangos quando expostos a onda de calor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Martinez Vale

    2008-01-01

    rvore de decisão para modelar o impacto da incidência de onda de calor na mortalidade de frangos de corte. O Índice de Temperatura e Umidade (ITU foi utilizado para descrever parte dos dados ambientais. A técnica de Mineração de Dados permitiu a construção de três modelos compreensíveis para estimar a alta mortalidade em frangos de corte. Os modelos gerados pela abordagem de seleção de atributos por Análise dos Componentes Principais e Wrapper apresentaram igual desempenho com uma precisão total de 89,3% e a classificação para alta mortalidade foi de 83,3%. Quando a seleção foi feita por especialistas do domínio, a precisão do modelo foi de 85,7%, e a da classificação para alta mortalidade foi de 76,9%. Resultados meteorológicos e o ITU calculada a partir de estações meteorológicas permitiram identificar condições ambientais prejudiciais para frangos entre 29 e 42 dias de vida. A técnica de Mineração de Dados é aplicável para construir modelos preditivos para a produção animal.

  7. Peso corporal e comorbilidade são indicadores da mortalidade em doentes com DPOC sob oxigenioterapia Body weight and comorbidity predict mortality in COPD patients treated with oxygen therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S Marti

    2007-01-01

    Full Text Available A doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC é uma patologia comum, afectando 4-9% da população adulta. Em comparação com outras doenças, a mortalidade relacionada com a DPOC continua a aumentar na população em geral. É uma doença progressiva que conduz, usualmente, a insuficiência respiratória e à morte. A oxigenioterapia de longa duração constitui o único tratamento eficaz no aumento da esperança de vida de indivíduos com DPOC e insuficiência respiratória crónica. No entanto, esta continua a ser pequena (aproximadamente 40% aos 5 anos. Apesar de terem sido efectuados numerosos estudos, permanece alguma controvérsia sobre os factores de risco relacionados com a mortalidade destes indivíduos. Entre eles encontram-se os parâmetros funcionais respiratórios (FEV1, gases arteriais (PaO2, PaCO2, hipertensão pulmonar, sexo, idade e índice de massa corporal (IMC. Contudo, nenhuma destas variáveis revelou ter um valor predictivo claro. Esta discrepância pode resultar, em parte, da metodologia utilizada. O objectivo do presente estudo foi investigar a associação entre as variáveis clínicas e a mortalidade por causas respiratórias e outras, em doentes com DPOC sob oxigenioterapia de longa duração. Foram avaliados retrospectivamente todos os doentes que iniciaram oxigenioterapia de longa duração entre 1992 e 1999 no Hospital Vall d’Hebram (Barcelona. A prescrição de oxigénio foi a seguinte: >15h/ /dia a um débito de 1-3L/min, fornecido por um concentrador. A indicação para oxigenioterapia de longa duração foi determinada por uma PaO2 60 mmHg sob oxigenioterapia. O cor pulmonale foi definido pela presença de dois ou mais dos seguintes itens: hipertrofia ventricular direita; engurgitamento das artérias pulmonares na radiografia do tórax; edema dos MI. A comorbilidade foi avaliada utilizando o índice de Charlson desenvolvido para determinar o seu impacto no prognóstico, atribuindo a cada doença um score de

  8. Raca e mortalidade cerebrovascular no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Andrade Lotufo

    2013-12-01

    Full Text Available Sendo desconhecidas as taxas de mortalidade cerebrovascular segundo raça no Brasil, foram coletadas informações de óbitos de 2010 do Sistema de Informação de Mortalidade do Ministério da Saúde. Foram calculadas as taxas de mortalidade cerebrovascular, ajustadas por idade (por 100 mil, com intervalo de confiança de 95%, por sexo e raça/cor de pele. A diferença entre brancos, pardos e negros foi significativa para homens, com taxas, respectivamente, de 44,4 (43,5;45,3, 48,2 (47,1;49,3 e 63,3 (60.6;66,6; e para mulheres, com taxa, respectivamente, de 29,0 (28,3;29,7, 33,7 (32,8;34,6 e 51,0 (48,6;53,4. Em conclusão, a mortalidade cerebrovascular no Brasil é maior entre negros.

  9. Análise quantitativa sobre a mortalidade precoce de micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo A quantitative analysis of the premature mortality of small companies in the city of São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Fernando Filardi Ferreira

    2012-12-01

    Full Text Available O vigor da economia de vários países tem origem no sucesso de pequenas empresas. No Brasil, o Estado de São Paulo concentra mais da metade das empresas brasileiras de pequeno porte. Assim sendo, estudos sobre o sucesso ou o insucesso de micro e pequenas empresas têm sua relevância enaltecida. Este estudo busca apresentar uma análise quantitativa e qualitativa sobre os fatores associados à mortalidade precoce das micro e pequenas empresas. Para tanto, realizou-se uma pesquisa com os gestores de micro e pequenas empresas da cidade de São Paulo que encerraram suas atividades. Para análise quantitativa da amostra, que apresenta representatividade estatística, utilizou-se de técnicas de análise multivariada. Como principal resultado, pode-se destacar que os fatores associados à mortalidade são preponderantemente de natureza estratégica, o que contraria o senso comum que professa a insuficiência de recursos como principal motivador da falência das pequenas empresas. Tal resultado tem importância para orientar as políticas públicas, os empreendedores e as agências de fomento para a formulação de suas estratégias no sentido do desenvolvimento de competências administrativas para o sucesso das micro e pequenas empresas brasileiras.The economic vigor of many countries is due to the success of small businesses. In Brazil, Sao Paulo state concentrates more than half of Brazilian small businesses. Therefore, studies dealing with high or low performance of micro and small businesses are of great relevance. This study aims at presenting a quantitative and qualitative analysis of factors associated to premature mortality of micro and small businesses in the city of Sao Paulo. For the quantitative analysis of the sample, which is statistically significant, multivariate analysis was used. The main result of this investigation is that factors associated with mortality are mainly of strategic nature, contrary to the common belief that

  10. Tendências da mortalidade por câncer nas capitais dos estados do Brasil, 1980-2004 Trends of cancer mortality in Brazilian state capitals, 1980-2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Marcondes Fonseca

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: A mortalidade por câncer iniciou declínio nos países desenvolvidos nos anos 90, mas seu comportamento nos países em desenvolvimento é menos conhecido. Estudo anterior abordando a mortalidade por câncer no Brasil mostrou queda na mortalidade pelo conjunto dos cânceres, mas a qualidade dos dados suscitou críticas quanto à validade dos resultados. As informações de mortalidade das capitais dos estados do Brasil são de melhor qualidade que aquelas para o país como um todo, possibilitando análise mais acurada das tendências. MÉTODOS: Os dados de mortalidade e população foram obtidos das bases de dados do Ministério da Saúde e do IBGE. Calcularam-se taxas ajustadas por idade e taxas específicas por idade, para ambos os sexos. Empregou-se regressão linear para avaliar a significância das mudanças de tendência. RESULTADOS: As taxas de mortalidade pelo conjunto dos cânceres declinaram, (-4,6% para os homens e -10,5% para as mulheres. O câncer de estômago mostrou queda de taxas nos dois sexos, assim como o câncer de pulmão entre os homens, enquanto as taxas do câncer de próstata aumentaram. No sexo feminino, “câncer do útero não especificado" apresentou redução e o câncer de pulmão, aumento de taxas. O câncer de mama mostrou-se estável, e o câncer do colo do útero aumentou suas taxas ao final do período. CONCLUSÃO: Conforme já registrado em países desenvolvidos, a mortalidade pelo conjunto dos cânceres nas capitais de estados brasileiros mostrou tendência de queda entre 1980 e 2004, o que se deveu fundamentalmente ao declínio da mortalidade por câncer de estômago.OBJECTIVE: Cancer mortality rates began to decline in developed countries in the 1990s, but their behavior in developing countries is less well-known. An earlier study on cancer mortality in Brazil showed a declining mortality trend for cancer as a whole. however the quality of data results raised some criticism t. The population

  11. Boa noite, e boa sorte: determinantes da demissão de ministros envolvidos em escândalos de corrupção no primeiro governo Dilma Rousseff

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cletiane Medeiros Araújo

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Quais os determinantes para demissão de ministros? Este artigo analisa a onda de escândalos de corrupção envolvendo ministros do primeiro governo Dilma Rousseff. O desenho de pesquisa combina estatística descritiva e análise multivariada para testar as hipóteses de que notícias sobre escândalos políticos, competição política e gerenciamento da coalizão impactam positivamente na probabilidade de o ministro denunciado deixar a pasta ministerial. O estudo foi realizado a partir da construção de uma base de dados, para a qual foram coletadas 677 notícias de três jornais de larga circulação nacional, a saber: Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo, ao longo dos 17 primeiros meses do governo. Os resultados apontam que quanto maior o número de matérias sobre os escândalos de corrupção do ministro denunciado maior a probabilidade de ele ser demitido. Espera-se, através deste estudo de caso, contribuir para a agenda de pesquisa sobre a relação escândalos políticos/instituições democráticas/accountability, buscando situar esse fenômeno na democracia brasileira recente.

  12. Mortalidade por homicídios em Município da Região Sul do Brasil, 1996 a 2005 Homicide mortality in a city of southern Brazil, 1996-2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Élida Azevedo Hennington

    2008-09-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve o objetivo de traçar o perfil epidemiológico dos homicídios em São Leopoldo, comparando-o com o do Estado do Rio Grande do Sul. Trata-se de um estudo descritivo que utilizou dados disponibilizados pelo Datasus/Ministério da Saúde no período de 1996 a 2005. Os indicadores calculados foram: coeficientes de mortalidade padronizada; mortalidade proporcional segundo grupo etário; coeficiente de mortalidade segundo cor; e percentual de mortes causadas por arma de fogo. Além destes, foram construídas as taxas de mortalidade por homicídio nos municípios gaúchos com população superior a 50.000 habitantes para o período analisado. Os coeficientes de mortalidade em São Leopoldo representaram o dobro das taxas ocorridas no Estado. A população mais atingida foi a de adultos jovens e a razão entre os sexos foi de 8,4 óbitos em homens para cada óbito feminino no Rio Grande do Sul e 9,4 em São Leopoldo. 86% dos homicídios foram perpetrados por armas de fogo em São Leopoldo e 72% no Rio Grande do Sul. O risco de morrer foi 44% maior na população negra de São Leopoldo. O homicídio é uma importante causa de morte precoce no RS, embora São Leopoldo apresente um perfil de maior gravidade - taxas maiores, maior percentual de uso de armas de fogo e evidências de sobremortalidade de jovens negros quando comparado ao Estado.The objective of this study is to outline the epidemiological profile of homicides in the city of São Leopoldo and compare it to that of the state of Rio Grande do Sul. It is a descriptive epidemiological study that used data provided by the Datasus/Ministry of Health for the period from 1996 to 2005. The indicators brought out by the study were the following: homicide standardized death rates; age-specific homicide death rates; homicide death rates according to race; and the percentage of deaths caused by firearms. Homicide mortality rates were calculated for cities of Rio Grande do Sul with more

  13. INTERNAL AND EXTERNAL DETERMINANTS OF INNOVATION CAPABILITY IN PORTUGUESE SERVICES FIRMS: A LOGIT APPROACH DETERMINANTES INTERNOS Y EXTERNOS DE LA CAPACIDAD DE INNOVAR DE LAS EMPRESAS DE SERVICIOS PORTUGUESAS: MODELO LOGIT DETERMINANTES INTERNOS E EXTERNOS DA CAPACIDADE INOVADORA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS PORTUGUESAS: MODELO LOGIT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Silva

    2013-01-01

    propensión de las empresas para innovar en los servicios. Los resultados permiten un análisis conjunto de los factores que impulsan y restringen la capacidad innovadora de las empresas de servicios, permitiendo identificar los principales determinantes  de esa capacidad e incrementar el conocimiento sobre la innovación en los servicios. La contribución de los resultados es la identificación de los factores que son realmente relevantes en el estímulo a la  innovación en las mencionadas empresas.Esta investigação analisou o grau de importância dos factores internos e externos determinantes da capacidade inovadora empresarial no âmbito das empresas de serviços portuguesas. Com base na literatura, construiu-se um modelo conceptual e formularam-se várias hipóteses de investigação que foram testadas empiricamente, utilizando-se os dados secundários facultados pelo “Observatório da Ciência e do Ensino Superior” (OCES, pertencentes ao 4º Inquérito Comunitário à Inovação (CIS 4, sob a supervisão do EUROSTAT. O método utilizado foi a regressão logística. De acordo com os resultados obtidos, quanto maiores forem os investimentos financeiros em actividades internas de investigação e desenvolvimento, em aquisição de conhecimentos externos e em actividades de marketing, maior será a propensão das empresas para inovar nos serviços. Os resultados permitem uma  análise conjunta dos factores que impulsionam e restringem a capacidade inovadora das empresas de serviços, possibilitando identificar seus principais determinantes e incrementar o conhecimento sobre a inovação dos serviços. A contribuição dos resultados é a identificação dos fatores que são realmente relevantes no estímulo à inovação nas empresas de serviços.

  14. Perfil da mortalidade materna em maternidade pública de Teresina - PI, no Período de 1996 a 2000: uma Contribuição da Enfermagem Perfil de la Mortalidad Materna en la Maternidad Pública de Teresina - PI (Brasil, en el Periodo de 1996 a 2000: una Contribución de la Enfermería Maternal profile Mortality in a Public Maternity of Teresina - PI (Brazil, in the Period between 1996 and 2000: a Nursing Contribution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Maria do Nascimento

    2007-09-01

    Full Text Available Estudo quantitativo retrospectivo com objetivo de caracterizar o perfil da mortalidade materna em uma maternidade pública de Teresina-PI, no período de 1996 a 2000. O universo constou de 107 óbitos maternos, cujos instrumentos foram: prontuários, declarações dos óbitos, livro de registros e relatórios da enfermagem, coletados em setembro a dezembro de 2004 em formulário estruturado. Os dados relativos aos aspectos socioeconômicos e pessoais revelaram como procedência os Estados: Piauí (73, 33 da capital e 40 de outras cidades; Maranhão (33; e Pará (1. A maioria das mulheres era casada, tinha idade entre 20 e 30 anos, um a três filhos, ensino fundamental incompleto e era do lar. Os dados obstétricos na maioria revelaram a não-realização de seis consultas pré-natais, era a primeira gravidez, parto cesariano e admissão em estado grave. Destacaram-se como causas dos óbitos: infecções, hipertensão e hemorragias. Conclui-se que a mortalidade materna é problema grave, necessitando melhoria assistencial nos serviços de saúde.Estudio cuantitativo y retrospectivo, que objetivó caracterizar el perfil de la mortalidad materna de una maternidad pública en Teresina PI (Brasil, en el periodo de 1996 hasta 2000. El universo fue compuesto por 107 muertes maternas, cuyos instrumentos fueron: prontuarios, declaración de muertes, libros de registros y relatos de la enfermería, colectados en septiembre y diciembre de 2004 en formulario estructurado. Los datos relativos a los aspectos socioeconómico y personales revelaran como origen los Estados: Pará (01, Maranhão (33 y Piauí (73 de estos 33 de Teresina y 40 del interior. La mayoría de las mujeres era casada, tenía edad entre 20 y 30 años, de uno a tres niños, la educación básica incompleta, trabajadoras del hogar. Los datos de la obstetricia habían demostrado que la mayoría no realizaron seis consultas prenatales, estaban en el primer embarazo, parto cesariano y admitido

  15. Determinantes da Intenção de Continuidade de Relacionamento entre Pequenos Varejistas e seus Fornecedores de Materiais de Construção Hidráulicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elias Frederico

    2018-04-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar os fatores determinantes da intenção de continuidade do relacionamento entre pequenos varejistas de materiais de construção e seus fornecedores, testando um modelo em que a confiança exerce um papel central. Método: Validação preliminar das escalas e posterior emprego de Modelagem de Equações Estruturais, para testar o efeito mediador da confiança na intenção de continuidade do relacionamento em 127 pequenos varejistas. Originalidade/Relevância:  Pouco se investigou do relacionamento de pequenos varejistas e grandes fornecedores de materiais de construção, apesar da relevância econômica do setor. Ainda, ressalta-se a dificuldade de se obter informantes no contexto B2B. Resultados: A confiança é uma variável mediadora para a continuidade do relacionamento e está associada ao papel do vendedor no atendimento e suporte (características do vendedor, a adequação do mix de produtos (competências do fornecedor e na preocupação do fabricante em entender as necessidades do segmento e demonstrar motivação para conduzir os conflitos de canal (sintonia com o fornecedor. Contribuições teóricas/metodológicas: Os resultados do estudo indicam concordância com os principais pressupostos teóricos, reforçando a utilização destes construtos em estudos futuros. Contribuições sociais / para a gestão:  O profissional de vendas se constitui no elo entre o pequeno varejista e o fabricante. Ressalte-se então, a relevância de ações de treinamento e capacitação para a equipe de vendas.

  16. Os fatores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros: vínculo contratual, incentivos salariais ou reconhecimento profissional Los factores determinantes de la rotatividad externa de los enfermeros: vínculo contractual, incentivos salariales o reconocimiento profesional The main determinants of nursing turnover: contractual obligation, wage benefits or professional recognition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Poeira

    2011-07-01

    Full Text Available Nos últimos anos as organizações de saúde, a profissão e a carreira de enfermagem sofreram um conjunto de alterações estruturais, processuais e políticas. Estas alterações influenciaram a dinâmica e a estabilidade do futuro dos enfermeiros contribuindo para a ocorrência de altas taxas de rotatividade -com impactos potencialmente negativos no grupo de trabalho e na organização. O estudo pretende identificar os fatores determinantes da rotatividade externa dos enfermeiros. A investigação baseia-se num questionário aplicado a uma amostra de 772 enfermeiros a desempenhar funções no Hospital de Santa Maria. As hipóteses formuladas no estudo foram analisadas através de testes não-paramétricos. Os resultados sugerem que a necessidade de adquirir novas competências profissionais e de desenvolver um trabalho mais desafiante constituem fatores relevantes na explicação da rotatividade em enfermagem. Os fatores contratuais e remuneratórios são de extrema importância para explicar o fenómeno em causa, especialmente, para o grupo de enfermeiros contratados.En los últimos años las organizaciones de la salud, la profesión y la carrera de enfermería han sufrido un conjunto de alteraciones estructurales, políticas y en su forma de proceso. Estas alteraciones han influenciado la dinámica y la estabilidad del futuro de los enfermeros contribuyendo así al surgimiento de altas tasas de rotatividad - con impactos potencialmente negativos en el grupo de trabajo y en la organización. El estudio pretende identificar los factores determinantes de la rotatividad externa de los enfermeros. La investigación se basa en un cuestionario aplicado a una muestra de 772 enfermeros que ejercen en el Hospital de Santa María. Las hipótesis formuladas en el estudio fueron analizadas mediante tests no-paramétricos. Los resultados sugieren que la necesidad de adquirir nuevas competencias profesionales y de desarrollar un trabajo más desafiante

  17. Intervenções benéficas durante o parto para a prevenção da mortalidade materna Beneficial interventions during delivery for the prevention of maternal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Guilherme Cecatti

    2005-06-01

    Full Text Available O caráter multifatorial das complicações e da mortalidade materna torna difícil e demorada a tarefa de seu controle a longo prazo. A atenção profissional à mulher gestante e/ou parturiente representa seguramente elemento chave para a obtenção de bons resultados, tanto maternos quanto perinatais. Partindo-se do pressuposto de que atenção médica profissional ao parto de maneira adequada tem a capacidade de diminuir a ocorrência de complicações associadas à morbidade e mortalidade materna, são apresentadas resumidamente as evidências sobre algumas intervenções incluídas nesta atenção. São enfocadas as evidências derivadas de estudos realizados com extremo rigor metodológico e científico, os ensaios controlados randomizados, sobre intervenções capazes de reduzir as complicações e a mortalidade materna. Estas principais intervenções referem-se basicamente a: atenção institucional ao parto, atendimento profissional capacitado, utilização de parteiras tradicionais em determinados contextos, uso de tecnologias apropriadas incluindo o partograma, local do parto, posição para o parto, uso de episiotomia, tipo de parto, uso de ocitócicos na fase ativa do parto, realização de esforços de puxo no período expulsivo, manejo da dequitação e profilaxia da hemorragia puerperal. Ainda que o efeito de prevenir mortes seja difícil de ser avaliado pela baixa freqüência, sua utilização de forma racional e padronizada, por meio de manuais e normatizações de condutas de serviços, tem um efeito positivo sobre a qualidade da atenção ao nascimento. Isso faz parte do contexto técnico e humano do direito que toda mulher tem ao melhor atendimento possível nesse momento tão especial de sua vida.The multiple factors involved in maternal complications and maternal mortality make the task of their long-term control difficult and time-consuming. Professional care for pregnant women and/or those in labor certainly

  18. Padrão de mortalidade da comunidade judaica de Belo Horizonte no século XX Mortality pattern of jewish community of Belo Horizonte in the XXth century

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora Balabram

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Fatores genéticos e ambientais são conhecidos por sua importância na gênese de grande parte das doenças. É possível estudá-los pela observação da prevalência de agravos nas populações, bem como das causas de mortalidade, buscando-se uma correlação com os hábitos sociais e origens étnicas e familiares dos indivíduos. Nestes estudos, destacam-se as comunidades nas quais podem-se verificar vínculos sociais e genéticos entre seus membros. A comunidade judaica de Belo Horizonte se encaixa nesses critérios. Ela se consolidou na década de 20 do século passado e, atualmente, a Federação Israelita de Minas Gerais (FISEMG tem cadastro de aproximadamente 600 famílias. Este estudo pretende definir o padrão de mortalidade nessa comunidade, e como ele se modificou a partir de sua formação. MÉTODOS: Foram recuperados dados a partir dos arquivos do Instituto Histórico Israelita Mineiro, da FISEMG e dos Cemitérios Israelita e do Bonfim, oriundos de registros históricos e guias de sepultamento, no período de 1926 a 2003. RESULTADOS: Foram estudados 601 registros de óbitos, sendo 61,6% de homens e 38,4% de mulheres. As doenças infecto-parasitárias, dentre elas a tuberculose, ocorreram com maior freqüência nas décadas de 30 e 40 e decresceram nas décadas seguintes. As doenças do aparelho circulatório foram as causas de óbito mais prevalentes a partir da década de 40. CONCLUSÃO: Houve mudança nos padrões de mortalidade da população judaica de Belo Horizonte.OBJECTIVE: Genetic and environmental factors are known for their importance in the genesis of the majority of diseases. It is possible to study them through the observation of prevalence of diseases, and also the mortality causes, relating it to social habits and ethnical and familial origins of the individuals. In those studies, communities in which there are social and genetic links stand out. The jewish community of Belo Horizonte fits these criteria

  19. Determinantes para o alinhamento entre a gestão da manutenção industrial e o planejamento estratégico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira dos Santos

    2017-05-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo apresentar uma proposta de desenvolvimento da gestão de manutenção industrial tendo o alinhamento ao planejamento estratégico como ponto central. Para responder aos objetivos específicos traçados de identificar a importância do alinhamento entre a gestão da manutenção com o planejamento estratégico da empresa, apresentar tipos de indicadores, identificar a importância dada pela empresa em relação ao alinhamento entre os objetivos de manutenção e o planejamento estratégico e analisar a competitividade estratégica das práticas de gestão da manutenção da empresa, utilizouse a metodologia de revisão da literatura e um estudo de caso. O mesmo foi utilizado como complemento e a analogia para com a situação real do caso em questão, para o qual foi elaborada e aplicada uma entrevista em profundidade com abordagem de ordem qualitativa. Conclui-se que o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico é de grande importância para sobrevivência da empresa, que a competitividade estratégica do setor de manutenção é fraca no momento atual e que a empresa passa por uma fase inicial em busca do alinhamento entre as áreas. Assim como, pode-se concluir que o conhecimento do planejamento, a criação de objetivos e indicadores ligados ao planejamento estratégico e a definição de caminhos estratégicos para o setor são fatores críticos para se conduzir o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico da empresa.

  20. Determinantes para o alinhamento entre a gestão da manutenção industrial e o planejamento estratégico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Oliveira dos Santos

    2016-04-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo apresentar uma proposta de desenvolvimento da gestão de manutenção industrial tendo o alinhamento ao planejamento estratégico como ponto central. Para responder aos objetivos específicos traçados de identificar a importância do alinhamento entre a gestão da manutenção com o planejamento estratégico da empresa, apresentar tipos de indicadores, identificar a importância dada pela empresa em relação ao alinhamento entre os objetivos de manutenção e o planejamento estratégico e analisar a competitividade estratégica das práticas de gestão da manutenção da empresa, utilizouse a metodologia de revisão da literatura e um estudo de caso. O mesmo foi utilizado como complemento e a analogia para com a situação real do caso em questão, para o qual foi elaborada e aplicada uma entrevista em profundidade com abordagem de ordem qualitativa. Conclui-se que o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico é de grande importância para sobrevivência da empresa, que a competitividade estratégica do setor de manutenção é fraca no momento atual e que a empresa passa por uma fase inicial em busca do alinhamento entre as áreas. Assim como, pode-se concluir que o conhecimento do planejamento, a criação de objetivos e indicadores ligados ao planejamento estratégico e a definição de caminhos estratégicos para o setor são fatores críticos para se conduzir o alinhamento da manutenção ao planejamento estratégico da empresa.

  1. Determinantes psicolingüísticos da compreensão de leitura em inglês como língua estrangeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Vivaldo-Lima

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi analisar a contribuição das variáveis lingüísticas e psicológicas da variância associada à compreensão de leitura em inglês (L2. A amostra esteve integrada por 280 estudantes universitarios, falantes nativos do espanhol. A dimensão lingüística da análise avaliou a influência das habilidades de processamento de texto do leitor em espanhol (L1, da sua competência lingüística em L2 e da sua habilidade para perceber transparência léxica entre as duas línguas, enquanto a dimensão psicológica analisou a influência do estilo cognoscitivo, do locus de controle e do controle de ação sobre a capacidade do leitor para construir significado a partir do texto. Administrou-se aos sujeitos uma bateria de sete instrumentos de avaliação. Uma série de análise de regressão múltipla indicou a existência dum modelo explicativo da leitura em L2 em duas etapas. Na primeira, as variáveis psicológicas explicaram 10.2% da variância associada ao processamento do texto em L1, variável que, na segunda etapa, explicou 35.8% da variância associada à compreensão de leitura em inglês, ajuntada à competência lingüística do leitor em L2 e à sua capacidade para perceber transparência léxica entre L1 e L2.

  2. Tendência da mortalidade por câncer do útero no Município de São Paulo entre 1980 e 1999 Mortality trends from uterine cervical cancer in the city of São Paulo from 1980 to 1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Augusto Marcondes Fonseca

    2004-02-01

    Full Text Available O câncer do colo do útero apresenta grande incidência em algumas cidades brasileiras e considerável mortalidade em países em desenvolvimento, não obstante a disponibilidade já antiga de teste de rastreamento. O presente estudo visou avaliar a tendência da mortalidade por câncer de colo do útero, de corpo do útero e por câncer do útero não especificado, no Município de São Paulo, entre 1980 e 1999, por meio do exame das taxas brutas, idade-específica e ajustadas por idade. Os resultados mostraram discreta redução da mortalidade por câncer do colo do útero, queda da mortalidade por câncer de útero não especificado e aumento da mortalidade por câncer do corpo do útero. Conclui-se que a queda da mortalidade por câncer do útero não especificado sinaliza uma melhora na precisão do diagnóstico clínico e na qualidade do preenchimento do atestado de óbito, e indica aumento de cobertura do teste de Papanicolaou.Uterine cervical cancer shows a higher incidence in some Brazilian cities. It is a common cause of death in women from developing countries, despite the longstanding availability of an effective screening test, the Pap smear. This study aimed to evaluate the temporal trends of crude, age-adjusted, and age-specific mortality rates from cervical cancer, endometrial cancer, and cancer of the uterus not otherwise specified (NOS in the city of São Paulo from 1980 to 1999. Results showed a slight reduction in cervical cancer rates, a decrease in NOS uterine cancer rates, and an increase in endometrial cancer mortality rates. The fall in mortality from NOS uterine cancer indicates an improvement in diagnostic accuracy and quality of information on death certificates and may point to an increase in coverage of cervical cancer screening using the Pap smear.

  3. A análise da mortalidade por causa básica e por causas múltiplas Analysis of mortality by underlying and multiple causes of death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1974-12-01

    Full Text Available Foram comentados alguns aspectos das estatísticas de mortalidade por causas básicas e por causas múltiplas. Utilizando uma amostra de óbitos ocorridos em hospitais e obtendo informações adicionais através dos prontuários médicos, foram refeitos os atestados comparando-os com os originais. Foi verificado que a causa básica está declarada incorretamente em 37,7% dos casos e que existem discordâncias que se compensam. O número médio de diagnósticos por atestados de óbito foi de 1,9, elevando-se para 2,9 quando se dispõem de informações adicionais. O número médio de diagnósticos adicionais que acompanhou a causa básica aumentou quanto mais longa foi a evolução da doença básica. A codificação de causas múltiplas tem como vantagens o reconhecimento de freqüências de doenças que raramente são consideradas básicas e as estatísticas de mortalidade por causas múltiplas não são afetadas pelas mudanças das regras de seleção da causa de morte.Some aspects of mortality statistics based on underlying and multiple causes of death are analysed. A sample was drawn for study from deaths ocurred in hospitals using the official death certificates. With the help of additional information taken from medical records the death certificates were filled out again and compared with the original ones showing that the basic cause of death was incorrectly stated in 37.7% of the official death certificates and that there were some counterbalancing divergences. The average number of diagnosis per official death certificate was 1.9. With additional information it went up to 2.9. The longer the evolution of the basic illness, the greater the increase of the average number of additional diagnosis accompanying the basic cause. The multiple causes of death classification allowed acknowledgement of rare causes of death that very seldomly appeared as underlying causes of death. The mortality statistics by causes are not affected by the changes

  4. Fatores determinantes da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará, Brasil Assessment of the surface water quality in the upland of Acaraú watershed, Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice Maia de Andrade

    2007-12-01

    Full Text Available Análise Fatorial/Análise da Componente Principal (AF/ACP foram empregadas com o objetivo de identificar os fatores determinantes (naturais e antrópicos da qualidade das águas superficiais na bacia do Alto Acaraú, Ceará. Realizaram-se coletas trimestrais, no período de fev/2003 a mar/2004, em seis pontos localizados nas áreas de influência urbana e de drenagem de perímetros irrigados. Foram analisados os parâmetros pH, temperatura, cor, turbidez, nitrato, amônia total, amônia livre, amônia ionizada, sódio, cloretos, potássio, sulfato, dureza, cálcio, magnésio, alcalinidade total, alcalinidade do bicarbonato, condutividade elétrica, sólidos suspensos, oxigênio dissolvido, demanda bioquímica de oxigênio, fósforo total, ortofosfato solúvel, clorofila "A", coliformes totais e coliformes termotolerantes. Através das técnicas de estatística multivariada, AF/ACP, foram selecionadas as variáveis que explicavam o maior percentual da variância total dos dados. Três componentes são responsáveis pela estrutura da qualidade das águas explicando 88% da variância total. O modelo mostrou que o primeiro fator (39,81% da variância expressou-se como um componente mineral. O segundo, explicando 29,22% da variância, apresentou-se como um componente de nutrientes. No terceiro fator (19,16% da variância, identificou-se como um componente de escoamento superficial das áreas agrícolas e clima. A rotação dos fatores, os parâmetros indicadores da qualidade das águas estão, principalmente, relacionados com a solubilidade dos sais (natural, com nutrientes e transporte de sedimentos (ação antrópica.Factor analysis/Principal Component Analysis (FA/PCA were applied to the data set on water quality in upper Acaraú River basin (Brazil to study the effects caused by human activities on water. Variables were measured at six key sampling sites (villages and agricultural areas in four campaigns from February/2003 to March/2004. The

  5. Fatores Determinantes da Oferta Turística do Município de Ilhéus (Bahia na Alta Estação do Ano de 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Aparecida Cerqueira

    2010-07-01

    Full Text Available Resumo O presente trabalho tem por objetivo estimar os fatores determinantes da oferta turística do município de Ilhéus, na alta estação do ano de 2007. Fundamentado no conceito de que a oferta turística é subdividida em três categorias, atrativos, equipamentos/serviços, e infra-estrutura, procurou-se avaliar estes componentes solicitando aos turistas notas que representassem seu nível de satisfação. Os dados foram analisados através da estatística descritiva e por meio da análise fatorial. Os resultados indicam que os atrativos naturais, a hospitalidade, a gastronomia e os meios de hospedagem agradaram. Por outro lado, o patrimônio histórico-cultural, as manifestações populares, as empresas de receptivo, os guias, e as diversões noturnas destacam-se como os mais criticados. Oito fatores foram extraídos, responsáveis por, aproximadamente, 60,4% da variância total dos dados. Palavras-chave: satisfação; turistas; estatísticas; analise fatorial. Abstract The present work has for objective to esteem the determinative factors of offers tourist of the city of Ilhéus, in the high station of the year of 2007. Based on the concept of that it offers tourist is subdivided in three categories, attractive, equipment/services, and infrastructure, we wanted to evaluate these components requesting to the tourists grades that represented its level of satisfaction. The data had been analyzed through the descriptive statistics and the factorial analysis. The results indicate that natural attractive, the hospitality, the gastronomy and the ways of lodging had pleased. On the other hand, the historical-cultural patrimony, the popular manifestations, the companies of receptive, the guides, and the nocturnal diversions are distinguished as the most criticized. Eight factors had been extracted, responsible for, approximately, 60.4% of the total variance of the data. Keywords: satisfaction; tourist; statistics; factorial analysis.

  6. Determinants of complex thinking in management practice in business retailers Fatores determinantes na análise da difusão do pensamento complexo na prática gerencial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Grams Land

    2011-10-01

    encourage continuous learning. Such competence, in action, contribute to the dissemination of the principles of the complex administration and can assist managers that work in the retail sector in monitoring environmental information, in defining strategies, in the strengthening of interpersonal relationships and learning of the employees of the organization.  We suggest the new studies in order to validate the instrument, because it can guide the organizations’ management, the development of managerial competence, as well as contribute to the dissemination of complex thinking in organizations in general and management practices in particular.O objetivo do artigo é identificar os fatores determinantes na análise da difusão do pensamento complexo na prática gerencial. O quadro teórico envolve a relação entre o pensamento complexo, a administração e o papel do gerente.  O estudo é de natureza descritiva, com abordagem quantitativa. Foi desenvolvida uma escala com os fatores determinantes na difusão do pensamento complexo na prática gerencial e aplicada a uma amostra de 57 gerentes de estabelecimentos comerciais localizados no principal Shopping Center de uma capital do Nordeste brasileiro. O tratamento dos dados ocorreu em duas etapas. Na primeira, procedeu-se a análise fatorial da escala de difusão do pensamento complexo na prática gerencial e na segunda realizou-se a análise dos resultados levando-se em consideração os fatores identificados. A partir da análise fatorial emergiram cinco fatores: capacidade de criar um ambiente adequado, capacidade de estimular a cooperação, capacidade de interagir e fortalecer canais de comunicação, capacidade de promover agregação em torno de um objetivo global e capacidade de incentivar o aprendizado contínuo. Conclui-se que os fatores determinantes da difusão do pensamento complexo na prática gerencial são caracterizados como competências gerenciais, que em ação, contribuem para a difusão dos

  7. Anos de vida perdidos por mortalidade: um dos componentes da carga de doenças Years of life lost by mortality: a component of the burden of disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fúlvio B Nedel

    1999-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Calculou-se a carga de doença devida à mortalidade, os anos de vida perdidos por "morte prematura" (AVP, nos Estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, comparando alguns resultados com o Brasil. MÉTODOS: Baseou-se nos anos de vida ajustados em função da incapacidade (AVAI, indicador que agrega mortalidade e morbidade em uma medida global. As populações de estudo foram os óbitos de residentes nos Estados em 1994 e no Brasil em 1993. RESULTADOS: Embora a maior carga por mortalidade seja imposta por causas ligadas a um estágio mais avançado da transição epidemiológica, tanto o Rio Grande do Sul como Santa Catarina, mas principalmente o Brasil, sofrem importante carga por doenças do subdesenvolvimento. As lesões representam o segundo grupo nos Estados e terceiro no Brasil. CONCLUSÃO: O indicador permite comparar agravos de alta e baixa letalidade, sendo instrumento útil na gestão e controle social das políticas e ações de saúde.INTRODUCTION: The register of death by cause, sex and age groups of residents in 1994 in Rio Grande do Sul (RS and Santa Catarina (SC, two Brazilian southern states, were studied to calculate the years of life lost (YLL, one of the two components that summarize disability adjusted life years (DALY, in RS, SC and Brazil. METHODS: The methodology employed is the same used in the Global Burden of Disease study to quantify the mortality component (YLL of DALY in the world. RESULTS: The results show that the greatest proportion and rates caused by Group II (Noncommunicable diseases, linked with more advanced stages of the epidemiological transition, in RS, SC and Brazil. But in both states and especially in Brazil, Group I (Communicable, maternal, perinatal and nutritional conditions causes an important proportion of YLL. The Group III (Injuries was the second more important group in RS and SC and the third in Brazil. Road traffic accidents are particularly important in SC, where the intentional

  8. Usando a história da resolução de alguns problemas para introduzir conceitos: sistemas lineares, determinantes e matrizes.

    OpenAIRE

    Tavares, Agamenon Henrique de Carvalho

    2013-01-01

    Neste trabalho, estudamos o método apresentado no livro "Os nove capítulos sobre a arte matematica", escrito no século I da era cristã, a em de revelar como a história pode ser uma motivadora na introdução de tópicos da matemática do ensino médio. Através de observações dos padrões que se repetem no método apresentado, fomos capazes de introduzir, de maneira natural, o conceito de equações lineares, sistema de equações lineares, solução de sistemas de equações lineares, determi...

  9. Intervenções benéficas no pré-natal para prevenção da mortalidade materna Beneficial interventions for maternal mortality prevention in the prenatal period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iracema de Mattos Paranhos Calderon

    2006-05-01

    Full Text Available A razão de mortalidade materna (MM é indicador da qualidade de saúde, influenciada diretamente pelo grau de desenvolvimento econômico-cultural-tecnológico de um país. Os dados oficiais de MM no Brasil, ainda que subestimados, sinalizam a falta de qualidade dos serviços de assistência à gestação, parto e puerpério. Esta característica é comum entre os países em desenvolvimento, onde estão as gestantes mais necessitadas e com maior dificuldade de acesso a assistência de qualidade. A assistência pré-natal não pode prevenir as principais complicações do parto, causas importantes de MM, mas algumas intervenções no pré-natal poderão favorecer o prognóstico materno e prevenir a MM. Neste contexto, o artigo faz uma atualização, embasada em evidências científicas, sobre intervenções efetivas no pré-natal para prevenção da mortalidade materna. As estratégias mais importantes constituem um tripé, com intervenções específicas relacionadas a promoção da saúde materna, prevenção dos riscos e garantia de suporte nutricional durante a gestação, além de critérios para investigação do risco gestacional e inclusão da gestante no componente básico do modelo de assistência pré-natal. Finaliza com a definição de prioridades na prevenção de MM relacionada à eclâmpsia/pré-eclâmpsia e reforça a importância da normatização dos sistemas de referência para os casos de emergência obstétrica.Maternal mortality rate (MM is a health quality indicator that is directly influenced by the economic, cultural and technological level of a country. Official data of MM in Brazil, although underestimated, point to the lack of quality in pregnancy, childbirth and puerperium care services. This characteristic is common in developing countries, where poorer pregnant women as well as those facing greater difficulty to quality care access are found. Prenatal care cannot prevent major childbirth complications, which are

  10. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Pinheiro Mendonça

    Full Text Available Os dados acerca do sobrepeso/obesidade na população brasileira demonstram um crescimento na sua prevalência entre as décadas de 70 e 90. Os dois aspectos mais apresentados como relacionados a este quadro têm sido mudanças no consumo alimentar, com aumento do fornecimento de energia pela dieta e redução da atividade física, configurando um "estilo de vida ocidental contemporâneo". Este artigo tem por objetivo identificar e avaliar alguns indicadores que se correlacionam com mudanças nas práticas alimentares e de atividade física na população brasileira nos últimos trinta anos. Apesar da carência de dados detalhados, os fatores que podem estar contribuindo para o quadro em tela incluem: migração interna; alimentação fora de casa; crescimento na oferta de refeições rápidas; mudanças no trabalho; meios de deslocamento; e equipamentos domésticos. Faltam informações mais detalhadas sobre as práticas alimentares e o padrão de atividade física no Brasil, em associação a dados antropométricos, para uma melhor explicação dessa relação. Há necessidade de projetos e programas intersetoriais que tenham metas bem definidas e que garantam a adesão da população a um estilo de vida saudável na perspectiva do controle do crescimento da prevalência do sobrepeso/obesidade no país.

  11. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mendonça Cristina Pinheiro

    2004-01-01

    Full Text Available Os dados acerca do sobrepeso/obesidade na população brasileira demonstram um crescimento na sua prevalência entre as décadas de 70 e 90. Os dois aspectos mais apresentados como relacionados a este quadro têm sido mudanças no consumo alimentar, com aumento do fornecimento de energia pela dieta e redução da atividade física, configurando um "estilo de vida ocidental contemporâneo". Este artigo tem por objetivo identificar e avaliar alguns indicadores que se correlacionam com mudanças nas práticas alimentares e de atividade física na população brasileira nos últimos trinta anos. Apesar da carência de dados detalhados, os fatores que podem estar contribuindo para o quadro em tela incluem: migração interna; alimentação fora de casa; crescimento na oferta de refeições rápidas; mudanças no trabalho; meios de deslocamento; e equipamentos domésticos. Faltam informações mais detalhadas sobre as práticas alimentares e o padrão de atividade física no Brasil, em associação a dados antropométricos, para uma melhor explicação dessa relação. Há necessidade de projetos e programas intersetoriais que tenham metas bem definidas e que garantam a adesão da população a um estilo de vida saudável na perspectiva do controle do crescimento da prevalência do sobrepeso/obesidade no país.

  12. Evolução da população e da mortalidade em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, 1979 a 1997 Demographic and mortality trends in Niterói, Rio de Janeiro, Brazil, 1979 to 1997

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Coelho Barbosa Tomassini

    2003-12-01

    Full Text Available A análise da série histórica de 1979-1997 permite perceber a evolução demográfica e da mortalidade no Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, ao longo dessas décadas. A população apresentou um declínio na velocidade de crescimento, com alteração significativa de sua estrutura etária. Observa-se, na série temporal, o declínio da mortalidade por doenças do aparelho circulatório, a tendência geral de declínio das doenças infecto-parasitárias, com acentuado aumento a partir de 1996, decorrente da mudança de classificação das doenças (CID-9 para CID-10. Quanto à mortalidade infantil, destaca-se o predomínio dos óbitos na faixa neonatal. O desvendar das doenças e agravos dentro dos grandes grupos revela a importância das doenças isquêmicas do coração e doenças cerebrovasculares, dos homicídios, acidentes de transporte e da AIDS.An analysis of the 1979-1997 historical series points to demographic and mortality trends in Niterói, Rio de Janeiro State, over the course of those two decades. There was a drop in the rate of population increase, with a significant change in the age structure. In the time series, there was a decline in mortality from cardiovascular diseases and an overall downward trend in mortality from infectious and parasitic diseases, albeit with a sharp increase beginning in 1996 resulting in a change in disease classification (ICD-9 to ICD-10. As for infant mortality, there was a predominance of deaths in the neonatal group. An analysis of major groups of diseases and injuries highlights the importance of ischemic heart disease and cerebrovascular diseases, homicides, traffic accidents, and AIDS.

  13. Cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil e seus fatores determinantes: uma revisão sistemática da literatura Coverage of the Pap smear in Brazil and its determining factors: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Felipe Leite Martins

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: apresentar o panorama da cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil, com ênfase nos seus fatores determinantes. MÉTODOS: foram pesquisadas as bases de dados "on line" LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, MEDLINE - 1966 a 2004 (Literatura Internacional em Ciências da Saúde, PAHO (Acervo da Biblioteca da Organização Pan-Americana de Saúde e WHOLIS (Sistema de Informação da Biblioteca da OMS. A revisão foi ampliada por meio da busca a referências bibliográficas dos estudos relevantes, solicitação de estudos publicados e não publicados a especialistas e outras fontes. Foram selecionados artigos que preenchiam os seguintes critérios: ser um estudo transversal, ter sido realizado no Brasil, conter informações sobre a cobertura do exame Papanicolaou (alguma vez na vida ou nos últimos três anos ou sobre seus fatores determinantes. Foram excluídas as duplicidades e os artigos sem resumo. Um total de 13 artigos foram selecionados atendendo a esses critérios. RESULTADOS: são poucos os estudos sobre a cobertura do exame de Papanicolaou no Brasil. A maioria concentra-se nas grandes cidades das regiões Sul e Sudeste do país. Além da escassez, existe pouca padronização metodológica em relação à amostragem e perfil das mulheres a serem investigadas, o que torna difícil a comparação entre si. Estas diferenças metodológicas devem ter contribuído para a grande variabilidade nas coberturas encontradas. Entretanto, apesar de todos os problemas, observa-se tendência de aumento temporal no percentual de mulheres que foram submetidas a pelo menos um exame de Papanicolaou: os dois únicos estudos realizados nos anos 80 mostram coberturas de 55,0 e 68,9% na vida, ao passo que um inquérito domiciliar realizado em 15 capitais e no Distrito Federal entre 2002 e 2003 apresenta valores que variam de 73,4 a 92,9%; porém, dois estudos de abrangência nacional realizados em 2003 apresentaram

  14. Distribuição espacial da mortalidade por doenças cardiovasculares no Estado do Paraná, Brasil: 1989-1991 e 2006-2008 Spatial evolution of cardiovascular mortality in Paraná State, Brazil: 1989-1991 and 2006-2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erildo Vicente Muller

    2012-06-01

    Full Text Available Descrever a distribuição espacial da mortalidade por doença cardiovascular na população do Paraná, Brasil (1989-1991 e 2006-2008 e sua correlação com variáveis socioeconômicas. Trata-se de estudo ecológico, com dados de mortalidade e populacionais obtidos, respectivamente, do Departamento de Informática do SUS e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. As taxas de mortalidade foram ajustadas pela estimativa bayesiana empírica local. Utilizou-se o índice de Moran I e o coeficiente de Spearman na análise de correlação. Não foram observadas correlações significantes ou dependência espacial entre a mortalidade e as variáveis socioeconômicas. A magnitude da mortalidade foi maior no sexo masculino em ambos os triênios. A força de mortalidade por doenças cardiovasculares diminuiu entre 1989-1991 e 2006-2008, sendo maior no sexo feminino. A construção de mapas temáticos permitiu a visualização das macrorregionais com maior risco de ocorrência do agravo. A redução de mortalidade pode ser, em parte, explicada pelo maior acesso a serviços e pela melhoria das condições de vida e renda.This ecological study aimed to describe the spatial distribution of cardiovascular mortality in Paraná State, Brazil (1989-1991 and 2006-2008 and its correlation with socioeconomic variables, using mortality data from the DATASUS database and population data from IBGE. Mortality rates were adjusted by the local empirical Bayesian method. Correlation analysis used the Moran I index and Spearman coefficient. There were no significant correlations or spatial dependence between mortality and socioeconomic variables. Mortality was higher in males in both periods. Cardiovascular mortality declined from 1989-1991 to 2006-2008 and was higher in females. Construction of thematic maps allowed visualization of the regions with highest cardiovascular risk. The decrease in mortality can be partially explained by expanded access to health

  15. Determinantes da utilização na pós-implementação de sistemas integrados de gestão

    OpenAIRE

    Cardoso, Ana Isabel

    2011-01-01

    Dissertação de mestrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação Os sistemas integrados de gestão, vulgarmente conhecidos por sistemas ERP, são investimentos fundamentais para as organizações que os implementam. Constituindo, geralmente, investimentos avultados, contribuem para a transformação dos processos de negócio quando exigem uma adaptação da empresa às práticas de trabalho que estão subjacentes a este tipo de sistemas. No entanto, para que a implementação de u...

  16. Polimorfismos genéticos determinantes da performance física em atletas de elite Genetic polymorphisms determining of the physical performance in elite athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Gonçalves Dias

    2007-06-01

    Full Text Available Este artigo direciona-se à revisão de publicações sobre os "genes candidatos" e sua relação com os fenótipos de performance física humana em atletas de elite. Nosso objetivo é trazer ao conhecimento do leitor informações atualizadas sobre marcadores e variantes genéticas que podem levar certos indivíduos a sobressair-se em modalidades esportivas específicas. Além disso, serão descritos os mecanismos pelos quais um gene pode contribuir para a performance física, detalhando em cada momento as propriedades celulares, fisiológicas e moleculares do sistema em questão. Por esse motivo, limitamos nossa discussão a um número pequeno de variantes genéticas: polimorfismos R577X do gene da alfa-actinina 3 (ACTN3, C34T do gene da AMP deaminase (AMPD1, I/D da enzima conversora de angiotensina (ECA, -9/+9 do receptor beta2 de bradicinina (BDKRB2 e 985+185/1170 do gene da enzima creatina quinase M (CK-M. Esperamos com este artigo informar e sensibilizar o leitor para o fato de que a identificação de talentos e a otimização do potencial individual do atleta, com conseqüente sucesso no esporte, estão diretamente associados a variantes genéticas.This article is focused on the review of studies looking for "candidate genes" and their relationship with physical performance phenotypes in elite athletes. Our goal is to bring to readers what makes some individuals excel in some sports modalities, based on variants in genetic loci and markers. In addition, we assume the necessity to describe by what mechanisms a gene can contribute in physical performance, detailing in each part the cellular, physiological and molecular pathways involved. For this reason, we limited our discussion to a small number of genetic variants: polymorphisms R577X alpha-actinin 3 gene (ACTN3, C34T AMP deaminase gene (AMPD1, I/D angiotensin converting enzyme gene (ACE, -9/+9 beta2 bradykinin receptor gene (BDKRB2, and 985+185/ 1170 creatine kinase M gene (CK-M. We

  17. Fatores determinantes para as expectativas de primigestas acerca da via de parto Primigravid expectations about the delivery method and the causal factors for their choice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Porto Tedesco

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: conhecer as expectativas de primigestas com relação à via de parto, bem como os motivos de sua escolha, procurando melhorar a qualidade do relacionamento médico-paciente. MÉTODOS: foi realizado estudo do tipo qualitativo por meio da análise do sujeito coletivo, incluindo primigestas atendidas de setembro a novembro de 2003 nos pronto-socorros dos serviços da Faculdade de Medicina de Jundiaí. Foi aplicado questionário especialmente elaborado para responder aos objetivos propostos pela pesquisa o questionário é baseado nas dúvidas apresentadas por pacientes que freqüentaram o serviço meses antes da elaboração do projeto. O consentimento livre e esclarecido, assinado pela gestante e por um dos pesquisadores responsáveis. Foi obtido para fins de padronização da amostra a seleção das pacientes seguiu critérios de inclusão: idade maior que 16 anos, primigestas, que estivessem recebendo assistência pré-natal e consentimento pós-informado lido e esclarecido. Foram considerados critérios de exclusão pacientes mentalmente incapacitadas e gestantes de alto risco com doenças que pudessem interferir na escolha da paciente. RESULTADOS: a população estudada teve como perfil mais prevalente mulheres com mais de 21 anos, brancas, casadas, com segundo grau completo e que estavam no terceiro trimestre da gestação. A via de parto de preferência da maioria das mulheres (90% foi o parto vaginal normal, sendo que as principais justificativas foram: a praticidade para sua realização (94% e o medo do sofrimento e dor no pós-parto causados pela cesárea. Encontramos relação entre a preferência pelo parto vaginal com mulheres de maior idade, casadas, não havendo diferença significativa entre as raças. CONCLUSÃO: estes resultados nos mostram enorme contraste entre a preferência das mulheres e os altos índices de cesárea no Brasil. Concluímos que deve haver falha de informação, falta de diálogo entre os

  18. Antecedentes, determinantes e operacionalização da estratégia de marketing internacional : estudo de caso : o setor do calçado em Portugal

    OpenAIRE

    Teixeira, Ana Madalena Pinto

    2016-01-01

    Dissertação de mestrado em Marketing, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de Arnaldo Coelho. A estratégia de marketing internacional tem sido objeto de diversos estudos no âmbito do marketing que têm abordado a temática, quer no que diz respeito ao seu processo de definição, quer no que implica a sua operacionalização e grau de adaptação aos mercados de destino. O presente estudo de caso apresenta precisamente a estratégia de marketing internaci...

  19. Governança Corporativa e os determinantes da estrutura de capital: evidências empíricas no Brasil

    OpenAIRE

    Silveira,Alexandre Di Miceli da; Perobelli,Fernanda Finotti Cordeiro; Barros,Lucas Ayres Barreira de Campos

    2008-01-01

    Este estudo investiga empiricamente a influência das práticas de Governança Corporativa [GC] das empresas sobre sua estrutura de capital. A qualidade da governança é mensurada por um índice abrangente proposto em pesquisa anterior e construído para uma amostra de empresas brasileiras com ações negociadas na Bovespa. Modela-se explicitamente, ademais, a possível causalidade bidirecional entre os construtos de interesse, na medida em que, como sugere a literatura especializada, a estrutura de c...

  20. Entrada pela porta dos fundos : os determinantes domésticos e internacionais da proteção brasileira aos Direitos Humanos dos trabalhadores migrantes internacionais

    OpenAIRE

    Requião, Ricardo Bezerra

    2015-01-01

    Esta pesquisa visa a abordar o tratamento oferecido pelo Estado brasileiro aos trabalhadores migrantes internacionais, por meio de seus instrumentos normativos domésticos e de seu comprometimento a instrumentos normativos internacionais que lidam com a proteção dos Direitos Humanos desses indivíduos, levando, ainda, em conta as dimensões sociocultural e econômica que complementam as vertentes jurídico-normativa e política, que constituem o ponto de partida da análise, numa perspectiva multica...

  1. Evolução e distribuição espacial da mortalidade por causas externas em Salvador, Bahia, Brasil Trends and spatial distribution of mortality from external causes in Salvador, Bahia State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eni Devay de Freitas

    2000-12-01

    Full Text Available A partir de 1980, as mortes violentas vêm se destacando como segunda principal causa de óbito no Brasil, tornando-se um importante problema de saúde pública. Este trabalho tem como objetivo descrever a evolução e a distribuição espacial das mortes violentas no espaço urbano de Salvador, uma cidade do Nordeste do Brasil, nos anos de 1988, 1991 e 1994. Trata-se de um estudo ecológico, cujos dados de mortalidade foram obtidos das Declarações de Óbito e dos arquivos do Instituto Médico Legal. Observou-se um aumento de 34,6% no número de mortes violentas entre os anos de 1988 e 1994. As maiores taxas de mortalidade ocorreram no sexo masculino nas faixas etárias de 20-29 (192,0 a 262,0/100.000 anos e de 65 anos ou mais (188,7 a 258,1/100.000. Os homicídios destacaram-se como primeira causa de morte em cerca de 75% dos distritos sanitários. Os autores discutem a necessidade de políticas públicas integradas e um conhecimento interdisciplinar para explicar as causas e enfrentar o problema da violência.Since 1980, external causes (ICD-9 E800-E999 have been ranked as the second leading causal group for mortality in Brazil, thus becoming a major public health problem. This study aimed to describe spatial distribution trends for violent deaths in the urban setting of Salvador, a city in Northeast Brazil, for the years 1988, 1991, and 1994. An ecological study was conducted, and mortality data were obtained from death certificates and the archives of the Institute for Forensic Medicine. There was an increase of 34.6% in the number of deaths from external causes between 1988 and 1994. The highest mortality rates were among men from 20 to 29 years of age (from 192.0 to 262.0/100,000 and those 65 years and over (from 188.7 to 258.1/100,000. Homicides were the leading cause of violent deaths in about 75.0% of neighborhoods. The authors discuss the need for comprehensive public policies and an interdisciplinary approach to elucidate the causes

  2. Regulação da auditoria em sistemas bancários: análise do cenário internacional e fatores determinantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alves Dantas

    2014-04-01

    Full Text Available Este estudo empírico-analítico tem por objetivos promover uma comparação dos níveis de regulação da atividade de auditoria em instituições bancárias e avaliar a relação entre esse grau de regulação e características dos sistemas bancários nacionais. Utilizou-se uma base de dados mantida pelo Banco Mundial, contendo pesquisa realizada junto a autoridades supervisoras e regulatórias bancárias nacionais de 172 países. Por meio de estatísticas descritivas, foi constatado que o nível mais elevado de regulação é registrado nas nações mais desenvolvidas e nos países do Oriente Médio, Norte da África, Europa e Ásia Central. Também foi constatado que o Brasil apresenta grau de regulação superior à média verificada internacionalmente. Quanto aos testes realizados, por meio de regressão, para avaliar a relação entre o nível de regulação de auditoria e características do setor bancário, foi evidenciado que há mais requerimentos para a atuação dos auditores nos países em que o crédito doméstico provido pelo setor bancário é maior e onde os bancos são mais rentáveis. Por outro lado, há menor regulação nos países em que há maior participação de bancos estatais no sistema financeiro e onde há mais restrições à atuação das instituições bancárias. Não foi confirmada a hipótese de associação positiva entre grau de concentração do setor bancário e o nível de regulação da atividade de auditoria. Por fim, foi constatado que, em 2000, primeiro ano da pesquisa, o nível de regulação era menor que os níveis apurados nos demais exercícios, enquanto que, em 2007, último ano da pesquisa, o nível de regulação é maior que nos anos anteriores, confirmando o que foi encontrado na literatura de que as normas de auditoria tendem a se tornar mais rigorosas com o passar do tempo, na medida em que a demanda por requerimentos mais estritos se acumula, notadamente em momentos de crise de

  3. Políticas efectivas para reducir la mortalidad infantil en el Perú: ¿Cómo reducir la mortalidad infantil en las zonas más pobres del país?

    OpenAIRE

    Beltrán, Arlette; Grippa Zárate, Ana Rosa

    2014-01-01

    El propósito del presente trabajo es hallar aquellos determinantes más efectivos para reducir la mortalidad neonatal e infantil, para que sean utilizados como variables de política por el «policymaker» y se pueda alcanzar el Objetivo de Desarrollo del Milenio # 4: reducir para el año 2015 la tasa de mortalidad infantil a un tercio de su valor inicial de 1992. El trabajo hace uso de dos bases de datos: la IV Encuesta Demográfica y de Salud Familiar (Endes, 2000) y el II Censo de Infraestructur...

  4. Análise da Tecnologia das Aeronaves como Determinante de Custos no Setor de Aviação Comercial BrasileiroAnalysis of the Aircraft’s Technology as Cost Determinant in the Brazilian Sector of Commercial AviationAnálisis de la Tecnología de las Aeronaves como Determinante de Costos en el Sector de la Aviación Comercial Brasileña

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DIEHL, Carlos Alberto

    2010-06-01

    Full Text Available RESUMOO objetivo deste estudo é analisar a tecnologia das aeronaves como determinante de custos, investigando o seu efeito nos custos das principais companhias aéreas brasileiras no período de 1997 a 2005. Compreende os resultados de uma pesquisa que apresenta a gestão estratégica de custos, contribuindo para a obtenção de vantagem competitiva de empresas do setor de aviação comercial brasileiro. De natureza exploratória e de característica longitudinal, faz uso da pesquisa documental para coleta de dados. Para apresentação e análise dos dados, utilizou-se da estatística descritiva. Ao final da investigação, demonstra-se que o determinante de custos com tecnologia das aeronaves tem influência direta nos principais custos do setor: o consumo de combustível, o custo de manutenção e a depreciação ou arrendamento de aeronaves. A GOL demonstrou êxito ao alinhar o determinante de custos com tecnologia das aeronaves e apresentou os menores custos dentre as empresas pesquisadas. A TAM reestruturou a sua frota de aeronaves e reduziu significativamente seus custos. No caso da VASP, que atuou com aeronaves sucateadas, verificou-se que a companhia incorreu em custos significativamente mais elevados que as demais concorrentes analisadas.ABSTRACTThe objective of this study is to analyze the aircraft’s technology as determinant of costs, investigating its effect in Brazilian commercial aviation companies in the period of 1997 to 2005. It comprises the demonstration of the results of a research that presents the strategic management of costs and its contributions for the attainment of competitive advantage of Brazilian companies in the sector of commercial aviation. Of exploratory nature and longitudinal characteristic, it makes use of the documental research for data collection. For presentation and analysis of data descriptive statistic was used. The findings indicate that aircraft’s technology as determinant of costs has direct

  5. Violência e morte: diferenciais da mortalidade por causas externas no espaço urbano do Recife, 1991 Violence and death: differentials in mortality from external causes in Recife, Pernambuco, Brazil, 1991

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza C. de Lima

    1998-10-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo descrever a tendência e a magnitude das mortes violentas na cidade do Recife, sua distribuição espacial no ano de 1991 e seus diferenciais quanto ao sexo, idade, local de ocorrência; objetivou, também, analisar a participação de algumas variáveis sócio-econômicas que expressam as condições de vida, nas possíveis explicações dessas diferenças. Utilizou-se como método o desenho de estudo ecológico do tipo exploratório e comparação de múltiplos grupos. Foram analisadas 1.181 declarações de óbitos de residentes em Recife, falecidos no ano de 1991. Verificou-se uma magnitude do coeficiente de mortalidade por causas externas na ordem de 90,9 por cem mil habitantes. Os grupos de dez a 39 anos e sessenta anos e mais constituíram os de maior risco, e o sexo masculino apresentou uma sobremortalidade em todas as faixas etárias. Os principais grupos de causas específicas foram os homicídios e os acidentes de trânsito, que representaram cerca de 51,3% e 23,4% do total de óbitos por essas causas, respectivamente. Discutiram-se alguns aspectos da desigualdade da mortalidade por causas externas nos espaços sociais, segundo condições de vida e sua relação com o processo histórico de formação da cidade do Recife.This study aimed to describe the amount of (and trends in violent deaths in the city of Recife, Pernambuco, Brazil, and to analyze their determinants. The article presents the spatial distribution of these deaths for the year 1991 and the differences regarding sex, age, and place of occurrence. It also analyzes the potential role of a series of socioeconomic factors, used as indicators of the population's living conditions. An exploratory ecological study was conducted to compare various groups. In 1991 there were a total of 1181 violent deaths in Recife. The study points to an overall mortality rate from external causes of 90.9/100,000 inhabitants. The two age groups 10-39 years and 60

  6. Relações Determinantes sobre as Despesas e as Receitas da Conta de Viagens Internacionais do Balanço de Pagamentos Brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Domingos da Silva

    2010-07-01

    Full Text Available Resumo O presente artigo busca relações causais da renda e, principalmente, a taxa de câmbio sobre as despesas dos brasileiros que viajam ao exterior e sobre as receitas advindas dos turistas estrangeiros que visitam o nosso país, dados estes mensurados na conta de turismo no Balanço de Pagamentos do Brasil. Os testes econométricos indicam que as despesas, em média, são afetadas pela taxa de câmbio real, enquanto as receitas não são. Ao analisar esta assimetria foi possível constatar outra, onde provou-se que o número de turistas de países fronteiriços, tendo os visitantes da Argentina como exemplo, em média, são sensíveis à taxa de câmbio real, enquanto os visitantes de países de outros continentes, tendo o número de visitantes dos Estados Unidos como parâmetro, não são afetados, em média, pela taxa de câmbio real. Palavras-chave: economia do turismo; despesas de viagens internacionais; taxa de câmbio real. Abstract The present article looks for causal relations of the income and, especially, the exchange rate on the expenses of the Brazilians who travel abroad and on the revenues resulted from the foreign tourists who visit our country, these data measured in the account of tourism in the Brazilian Balance of Payments. Econometric tests indicate that the expenditure, on average, are affected by the real exchange rate, while the revenues are not. While analyzing this asymmetry it was possible to note another one, which proved that the number of tourists from bordering countries, taking the visitors of Argentina as an example, on average, are sensitive to the real exchange rate. On the other hand the visitors from countries of other continents, taking the number of visitors from the United States as a parameter, are not affected, on average, by the real exchange rate. Keywords: tourism economy; international travel account of balance of payments; real exchange rate.

  7. Determinantes do processo de infestação domiciliar por Panstrongylus megistus: o papel da habitação e do desmatamento Determinants of the dwelling infestation process by Panstrongylus megistus: the role of housing and deforesting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Litvoc

    1990-12-01

    Full Text Available A qualidade das habitações e o desmatamento foram estudados em Caconde e São José do Rio Pardo, municípios paulistas com taxas diferenciadas de infestação domiciliar por Panstrongylus megistus, e com desenvolvimento sócio-econômico dessemelhante. Para o conhecimento da qualidade das habitações recorreu-se a dados registrados na Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN durante a década de 70; o estudo do desmatamento foi realizado em mapas, construídos por nós a partir de fotografias aéreas, obtidas em vôos realizados pela Secretaria de Agricultura em 1972 e 1983. A análise sócio-econômica baseou-se nas informações do Censo Agro-pecuário e em entrevistas com agrônomos dos municípios. O estudo mostrou uma situação de maior precariedade das casas em Caconde. Essa situação decorre do menor desenvolvimento sócio-econômico deste município, confirmando assim uma tendência já demonstrada em pesquisas anteriores. O desmatamento foi mais intenso em São José, onde o desenvolvimento social é maior e no qual à taxa de infestação é menor, fato que mostra um comportamento oposto entre os dois determinantes nestes municípios. Os vínculos entre o desmatamento e o maior desenvolvimento sócio-econômico pode também ser demonstrado na medida em que se pode relacionar a atividade produtiva com a destruição da cobertura vegetal natural. Cabe sublinhar que esta tendência de efeito oposto do desmatamento não inverteu o resultado final, ou seja, que o confronto dessas forças determinantes resultou ainda numa taxa de infestação superior em Caconde, área de menor desenvolvimento social. A existência dessas tendências opostas entre os determinantes revela, desse modo, uma maior complexidade no processo de infestação por P. megistus, sem produzir, no entanto, reversão do resultado final.This study investigates the housing conditions and deforesting in Caconde and São José do Rio Pardo, neighbouring towns

  8. Fatores e procedimentos determinantes da qualidade do projeto de produtos visando a competitividade Factors and procedures to determine quality in product design for competitivity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Airton Consalter

    1996-04-01

    Full Text Available A influência da qualidade do projeto sobre a competitividade de um produto se exerce em todos os estágios do seu ciclo de vida. Este artigo apresenta uma maneira sistematizada de relacionar a qualidade do projeto do produto e a competitividade das empresas por meio dos fatores influentes nessa relação, procurando salientar sua importância. Os diferentes procedimentos usados para agregar qualidade são abordados de maneira que se possa orientar as empresas na organização de suas equipes de projeto. A fase conceitual do projeto é destacada como o foco dos esforços de qualificação do produto.The influence of the design quality on product competitivity takes place throughout the stages of its life-cycle. This work deals with a systematic approach in order to relate the product design quality to enterprise competitivity by means of the influential factors in that relation, seeking to emphasize its importance. The different ways available to aggregate quality are discussed aiming to orientate the teamwork organization in product design environments. The conceptual phase of the product design is emphasized as the focus of the efforts to qualify the product.

  9. Tendências da mortalidade neonatal em São Luís, Maranhão, Brasil, de 1979 a 1996 Neonatal mortality trends in São Luís, Maranhão, Brazil, from 1979 to 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdinar Sousa Ribeiro

    2000-06-01

    Full Text Available O propósito do presente trabalho é avaliar a evolução da mortalidade neonatal em São Luís nos últimos 18 anos, classificá-la de acordo com os dias de vida e pelo critério de evitabilidade de óbitos da Fundação SEADE, a partir de dados do IBGE e do Ministério da Saúde. Detectou-se aumento da mortalidade neonatal, às custas de aumento expressivo do seu componente precoce, especialmente pelas causas reduzíveis por diagnóstico e tratamento precoce, e parcialmente reduzíveis por adequado controle da gravidez. A mortalidade infantil, desse modo, manteve-se inalterada, apesar do decréscimo do seu componente pós-neonatal. O aumento expressivo no coeficiente de mortalidade neonatal a partir de 1995 aponta para a queda na qualidade da assistência obstétrica e neonatal, talvez motivada pelo elevado percentual de cesáreas e pela superlotação dos berçários. A tendência de estabilidade ou aumento da mortalidade neonatal é semelhante à observada recentemente no Brasil como um todo e difere da observada em outras cidades brasileiras, nas quais foi descrita queda lenta, mas persistente, da mortalidade neonatal, em oposição a uma redução mais dramática em países desenvolvidos.This study examined neonatal mortality trends in São Luís in the last 18 years. The early and late components were assessed and causes were classified according to SEADE Foundation criteria based on reducibility of deaths and timing of prevention (during prenatal care, childbirth, or neonatal care. Data were derived from official live birth and death records. We detected an unexpected increase in the neonatal mortality rate, due primarily to a steep rise in early neonatal deaths. Causes reducible by early diagnosis and treatment (other specific infections and other neonatal respiratory causes and those partially reducible by adequate monitoring of pregnancy (preterm births, low birth weight, and respiratory distress syndrome showed the largest increase

  10. Impacto da adequação da oferta energética sobre a mortalidade em pacientes de UTI recebendo nutrição enteral Impact of the adequacy of energy intake on intensive care unit mortality in patients receiving enteral nutrition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Sanchez Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a relação entre adequação da oferta energética e mortalidade na unidade de terapia intensiva em pacientes sob terapia nutricional enteral exclusiva. MÉTODOS: Estudo observacional prospectivo conduzido em uma unidade de terapia intensiva em 2008 e 2009. Foram incluídos pacientes >18 anos que receberam terapia nutricional enteral por >72h. A adequação da oferta de energia foi estimada pela razão administrado/prescrito. Para a investigação da relação entre variáveis preditoras (adequação da oferta energética, escore APACHE II, sexo, idade e tempo de permanência na unidade de terapia intensiva e o desfecho mortalidade na unidade de terapia intensiva, utilizou-se o modelo de regressão logística não condicional. RESULTADOS: Foram incluídos 63 pacientes (média 58 anos, mortalidade 27%, 47,6% dos quais receberam mais de 90% da energia prescrita (adequação média 88,2%. O balanço energético médio foi de -190 kcal/dia. Observou-se associação significativa entre ocorrência de óbito e as variáveis idade e tempo de permanência na unidade de terapia intensiva, após a retirada das variáveis adequação da oferta energética, APACHE II e sexo durante o processo de modelagem. CONCLUSÃO: A adequação da oferta energética não influenciou a taxa de mortalidade na unidade de terapia intensiva. Protocolos de infusão de nutrição enteral seguidos criteriosamente, com adequação administrado/prescrito acima de 70%, parecem ser suficientes para não interferirem na mortalidade. Dessa forma, pode-se questionar a obrigatoriedade de atingir índices próximos a 100%, considerando a elevada frequência com que ocorrem interrupções no fornecimento de dieta enteral devido a intolerância gastrointestinal e jejuns para exames e procedimentos. Pesquisas futuras poderão identificar a meta ideal de adequação da oferta energética que resulte em redução significativa de complicações, mortalidade e custos

  11. Avaliação ultra-sonográfica da hidrocefalia fetal: associação com mortalidade perinatal Ultrasonographic evaluation of fetal hydrocephalus: association with perinatal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Brito Hortêncio

    2001-07-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar os parâmetros ultra-sonográficos associados ao incremento da mortalidade perinatal em casos de hidrocefalia fetal. Métodos: foram avaliados 45 casos de hidrocefalia acompanhados entre janeiro/1996 e dezembro/1999. A hidrocefalia foi diagnosticada quando a relação entre a mensuração dos ventrículos laterais e os hemisférios cerebrais correspondentes foi superior a 0,35 ou quando a medida do átrio dos ventrículos laterais foi superior a 10 mm. Em todos os exames definiu-se o tipo, gravidade, simetria, evolução e época do diagnóstico da hidrocefalia. As pacientes foram submetidas a ultra-som morfológico na busca de outras alterações anatômicas. O índice de líquido amniótico e os óbitos fetais foram registrados. Os principais achados ultra-sonográficos foram correlacionados à mortalidade perinatal. Utilizaram-se, para análise estatística, o teste do chi² e o teste exato de Fisher. O valor de pPurpose: to evaluate the ultrasonographic parameters associated with perinatal mortality increase in cases of fetal hydrocephalus. Method: 45 cases of fetal hydrocephalus were followed-up between January 1996 and December 1999. Fetal hydrocephalus was diagnosed when the ratio of lateral ventricles and the corresponding cerebral hemispheres was above 0.35 or when the measurement of the atrium of the lateral ventricles was above 10 mm. In all examinations the type of hydrocephalus, severity, symmetry, evolution and time of diagnosis were defined. The patients were submitted to morphologic ultrasound in the search of other anatomical abnormalities. The amniotic fluid index and fetal deaths were registered. The main ultrasonographic findings were correlated with perinatal mortality. For statistical analysis, chi² test and exact Fisher test were used. The value of p<0,05 was considered to be significant. Results: a total of 20 deaths were observed (44.4%, 6 occurred intra-uterus and 14 in the neonatal period. The

  12. Entendendo os mecanismos determinantes da lesão pulmonar induzida pela ventilação mecânica Understanding the mechanisms of ventilator-induced lung injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane M. Nardelli

    2007-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A ventilação mecânica é considerada elemento básico de suporte de vida nas unidades de terapia intensiva e, indubitavelmente, essencial para os pacientes com lesão pulmonar aguda (LPA e síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA. Estudos experimentais demonstraram que a ventilação mecânica (VM com altos volumes e/ou altas pressões pode exacerbar ou iniciar uma lesão pulmonar, denominada lesão pulmonar associada à VM (LPAV ou lesão pulmonar induzida pelo ventilador (LPIV, respectivamente, com aspecto histológico similar ao da LPA/SDRA. CONTEÚDO: Realizou-se uma pesquisa sistemática dos artigos incluídos na MedLine e SciElo dos últimos 20 anos, que abordavam uma visão crítica dos principais mecanismos determinantes da LPIV. Dentre os principais mecanismos da LPAV/LPIV pode-se citar: volutrauma causado por hiperdistensão e expansão desigual das unidades alveolares em função de altas pressões transpulmonares ou volumes; aletectrauma resultante da abertura e fechamento cíclicos das vias aéreas distais e o biotrauma determinado pelo processo inflamatório conseqüente às estratégias ventilatórias lesivas adotadas. CONCLUSÕES: Os mecanismos responsáveis pelo volutrauma, atelectrauma e biotrauma devem ser bem entendidos para que se possa evitar a lesão associada à ventilação mecânica.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Mechanical ventilation is considered a basic element of life support in the intensive care unit and is essential for patients with acute lung injury (ALI and acute respiratory distress syndrome (ARDS. Experimental studies have demonstrated that mechanical ventilation with high volumes and/or high pressures can exacerbate (VALI or induce lung injury (VILI with histological aspect similar to ALI/ARDS. CONTENTS: This systematic review included the literature on MedLine and SciElo database published in the last 20 years. In this review, we will highlight the most recent data on

  13. Mortalidade perinatal de cordeiros no semi-árido da Paraíba Perinatal mortality of lambs in the semi-arid region of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janduí Escarião da Nóbrega Jr

    2005-09-01

    Full Text Available As causas de mortalidade perinatal em ovinos foram estudadas de março de 2002 a outubro 2004 em 27 fazendas da região semi-árida da Paraíba. De 90 cordeiros necropsiados, 41,1% morreram de infecções neonatais, 23,3% por malformações, 10% por inanição/hipotermia, 10% por distocia, 2,2% por predação e 4,4% foram abortos sem causa identificada. Em relação ao momento da morte, 4,4% dos cordeiros morreram antes do parto, 10% durante o parto, 30% no primeiro dia de vida, 20% entre o 2º e 5º dia e 35,6% entre o 4º e 28º dia após o parto. A assistência das ovelhas durante o parto, a desinfecção do umbigo dos cordeiros, a ingestão de colostro 2 a 6 horas após o parto, e a manutenção das ovelhas em locais adequados durante e após o parto contribuiriam para diminuir as mortes perinatais por distocia e infecções neonatais. A alta freqüência de malformações, em diferentes raças, sugere que esses defeitos sejam causados por uma planta tóxica. Os principais defeitos observados foram a flexão permanente dos membros anteriores, braquignatismo, fenda palatina e outras alterações dos ossos da cabeça. Recentemente foi demonstrado o efeito teratogênico de Mimosa tenuiflora ("jurema-preta", uma planta muito comum na região semi-árida, nas áreas de caatinga, que aparentemente é responsável pelas malformações. Os cordeiros mortos por inanição/hipotermia tiveram baixo peso ao nascimento (1,37 ± 0,7kg o que sugere que a principal causa dessas mortes é a deficiente nutrição da mãe durante o último terço da gestação. Considerando-se que na região nordeste, na maioria das fazendas, os carneiros permanecem com as ovelhas durante todo o ano, a adoção de uma estação de monta definida contribuiria para a diminuição da mortalidade perinatal.The causes of perinatal lamb mortality were studied, from March 2002 to October 2004, on 27 farms in the semiarid region of Paraíba, northeastern Brazil. In 90 lambs necropsied

  14. Determinantes e conseqüências da insegurança alimentar no Amazonas: a influência dos ecossistemas Alimentary insecurity determinants and consequences at Amazonas: ecosystems influences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Hélio Alencar

    2007-01-01

    Full Text Available Nesta revisão foram investigados os principais determinantes da transição epidemiológica, nutricional e do padrão de atividade física vivenciados pelos brasileiros nas últimas três décadas. Constata-se nestas pesquisas a exclusão sistemática da região Norte-rural do novo cenário epidemiológico nacional, atualmente caracterizado pelo declínio da desnutrição infantil e elevação concomitante da obesidade, além da ausência de informações científicas a respeito das condições de saúde, nutrição e sobrevivência das populações de praticamente todos os estados da região Norte. Especificamente para o estado do Amazonas é referida a menor estatura entre as crianças brasileiras, o que evidencia exposição à carências nutricionais de longa duração. Do mesmo modo, a análise evolutiva das pesquisas regionais caracteriza a persistência de um quadro grave de insegurança alimentar. Entretanto, sabe-se que a Amazônia é detentora de uma grande diversidade em peixes e frutos, o que deveria representar uma abundante oferta e utilização de proteína de boa qualidade biológica, calorias, vitaminas, minerais, e assim, viabilizar um adequado padrão de saúde, nutrição e qualidade de vida para sua população. A realidade social e econômica, bem como o quadro de precariedade da saúde e da nutrição da Região contrastam com a sua riqueza em recursos naturais. Para o entendimento deste evidente paradoxo foram investigados os componentes do bioma amazônico quanto à: heterogeneidade, complexidade, fragilidade, interatividade e suas relações com o potencial alimentar da região, bem como seu poder de influência na determinação do binômio saúde versus nutrição para os habitantes dos seus diferentes ecossistemas.In this review were investigated the principal determinants of the epidemic transition, nutritional and of the pattern of physical activity lived on by Brazilians in the last three decades. It is verified

  15. Mortalidade por acidentes de motocicleta no Brasil: analise de tendencia temporal, 1996-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Tostes Martins

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a tendência da mortalidade por acidentes de motocicleta no Brasil. MÉTODOS Estudo descritivo de séries temporais sobre a taxa de mortalidade de acidentes de motocicleta no Brasil, segundo unidades federativas e faixas etárias entre 1996 e 2009. Os dados de óbitos foram obtidos no Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde e da população no Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. Taxas de mortalidade padronizadas foram calculadas no período para o Brasil como um todo e Unidades Federativas. Variações anuais das taxas de mortalidade foram estimadas pelo método de Prais-Winsten de regressão linear. RESULTADOS A taxa de mortalidade por acidentes de motocicleta aumentou de 0,5 para 4,5/100.000 habitantes de 1996 a 2009 (aumento de 800% no período e 19% ao ano. Estados com maiores taxas em 2009 foram: Piauí, Tocantins, Sergipe e Mato Grosso. As maiores taxas de crescimento foram observadas nos Estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. CONCLUSÕES Houve grande aumento das taxas de mortalidade por acidente de motocicleta em todo o Brasil no período, principalmente nos Estados do Nordeste.

  16. Mortalidade materna em Recife. 1. Avaliação da subenumeração de estatísticas oficiais Maternal mortality in Recife.1. An evaluation of the completeness of vital statistics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rivaldo Mendes de Albuquerque

    1997-01-01

    Full Text Available Este estudo analisou os óbitos de mulheres com idade entre 10 a 49 anos, ocorridos em Recife, Pernambuco, nos anos de 1992 e 1993, com a finalidade de identificar os óbitos maternos neste período e confrontá-los com as estatísticas oficiais. As informações foram obtidas a partir de 1.013 declarações de óbito, sendo complementadas com consultas aos prontuários médicos, fichas de anestesia, relatórios de enfermagem, perícias tanatoscópicas do Instituto de Medicina Legal, relatórios das necrópsias do Serviço de Verificação de óbitos e por meio de entrevistas com os médicos que assistiram estes óbitos ou com familiares das mulheres que faleceram. Calcularam-se as razões de mortalidade materna (RMM para o Município de Recife para cada ano e para o período total do estudo. As 20 mortes maternas declaradas representaram 2% dos óbitos entre mulheres nessa faixa etária. Após a investigação encontraram-se mais 22 casos para todo o período. A RMM pelas estatísticas oficiais era de 37,0 por 100.000 nascidos vivos, passando a 77,7 após a correção. Esta diferença representou uma subenumeração de 52,4%. Conclui-se que, no caso de Recife, não se poderia aplicar o fator de correção de 3,0 recomendado para a Região Nordeste pelo Ministério da Saúde, porque a mortalidade materna estaria sendo então superestimada.This study analysed maternal deaths occurring in 1992 and 1993 in the city of Recife, Pernambuco State, Brazil, among all deaths of females aged 10 to 49 years, and to compare the results with vital statistics records. Information was obtained from 1013 death certificates and was supplemented through an analysis of medical records, anesthesia forms, nursing reports, results of autopsies performed by the Forensic Medicine Institute, necropsy reports from the Death Investigation Service, and interviews with both attending physicians and the women's relatives. Maternal mortality rates were calculated for the city

  17. Aspectos da mortalidade infantil, conforme informações da investigação do óbito Aspectos de la mort alidad infantil, conforme informaciones de la investigación del óbito Aspects of infant mortality, according to an investigation of death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isadora Porte Santana

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar algumas características da mortalidade infantil de residentes na área da 15º Regional de Saúde do Paraná, de 2005 a 2008. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório que abrangem 397 óbitos investigados pelo Comitê de Prevenção da Mortalidade Infantil, utilizando os dados das fichas de investigação. RESULTADOS: Para 82,3% das famílias, a renda mensal foi de até três salários mínimos; 65,1% das mães realizaram o pré-natal em rede pública; 83,4% dos partos foram financiados pelo Sistema Único de Saúde e 59,2% das mulheres iniciaram o pré-natal no primeiro trimestre. Das mães, 68,5% tiveram complicações durante a gestação, 18,2% tiveram trabalho de parto prematuro; 18,2% infecção urinária e 16,5% hipertensão arterial. CONCLUSÃO: A baixa renda, a utilização do serviço público para o pré-natal e parto evidenciam que as instituições públicas, as equipes de saúde e o enfermeiro devem aprimorar o atendimento à gestante, com atribuição do risco gestacional, para contribuir com a continuidade da redução da mortalidade infantil.OBJETIVO: Analizar algunas características de la mortalidad infantil de residentes en el área de la 15º Región de Salud de Paraná, del 2005 al 2008. MÉTODOS: Estudio descriptivo exploratorio que abarcan 397 óbitos investigados por el Comité de Prevención de la Mortalidad Infantil, utilizando los datos de las fichas de investigación. RESULTADOS: Para el 82,3% de las familias, el ingreso mensual fue de hasta tres salarios mínimos; el 65,1% de las madres realizaron el prenatal en una red pública; el 83,4% de los partos fueron financiados por el Sistema Único de Salud y el 59,2% de las mujeres iniciaron el prenatal en el primer trimestre. De las madres, el 68,5% tuvieron complicaciones durante la gestación, el 18,2% tuvieron trabajo de parto prematuro; el 18,2% infección urinaria y el 16,5% hipertensión arterial. CONCLUSIÓN: El bajo ingreso, la utilizaci

  18. Mortalidad intrahospitalaria por accidente cerebrovascular

    OpenAIRE

    Federico Rodríguez Lucci; Virginia Pujol Lereis; Sebastián Ameriso; Guillermo Povedano; María F. Díaz; Alejandro Hlavnicka; Néstor A. Wainsztein; Sebastián F. Ameriso

    2013-01-01

    La mortalidad global por accidente cerebrovascular (ACV) ha disminuido en las últimas tres décadas, probablemente debido a un mejor control de los factores de riesgo vascular. La mortalidad hospitalaria por ACV ha sido tradicionalmente estimada entre 6 y 14% en la mayoría de las series comunicadas. Sin embargo, los datos de ensayos clínicos recientes sugieren que esta cifra sería sustancialmente menor. Se revisaron datos de pacientes internados con diagnóstico de ACV del Banco de Datos de Str...

  19. Transição epidemiológica da mortalidade por doenças circulatórias no Brasil Transición epidemiológica de la mortalidad por enfermedades circulatorias en Brasil Epidemiologic transition in mortality rate from circulatory diseases in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio de Padua Mansur

    2009-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças circulatórias (DC são as principais causas de morte no Brasil, com predomínio das doenças cerebrovasculares (DCbV. Nos países desenvolvidos, predominam as doenças isquêmicas do coração (DIC. OBJETIVO: Analisar a relação entre DCbV/DIC em homens e mulheres a partir de 30 anos. MÉTODOS: As estimativas da população e os dados de mortalidade para DC, DIC e DCbV foram obtidos do Ministério da Saúde para o período entre 1980 e 2005. O risco de morte por DIC e DCbV por 100.000 habitantes e a relação entre DCbV/DIC foram analisados nas faixas etárias decenais a partir de 30 anos. O risco de morte foi ajustado pelo método direto, usando como população padrão a população mundial de 1960. RESULTADOS: Observou-se aumento exponencial do risco de morte por DIC e DCbV, com o aumento da faixa etária. DCbV foi a principal causa de morte no Brasil até 1996, quando passou a predominar a DIC. Foi observada redução de 33,25% no risco de morte por DC na população brasileira. Na região metropolitana de São Paulo, houve uma diminuição de 45,44%, entre 1980 e 2005. A relação DCbV/DIC foi maior nas mulheres mais jovens: de 2,53 em 1980 e 2,04 em 2005 para a população brasileira, e de 2,76 em 1980 e 1,96 em 2005 na região metropolitana de São Paulo, com decréscimo nas faixas etárias subsequentes. Nos homens, a relação DCbV/DIC foi próximo de FUNDAMENTO: Las enfermedades circulatorias (EC son las principales causas de muerte en Brasil, con el predominio de las enfermedades cerebrovasculares (ECbV. En los países desarrollados predominan las enfermedades isquémicas del corazón (EIC. OBJETIVO: Analizar la relación entre ECbV/EIC en varones y mujeres a partir de 30 años. MÉTODOS: Se obtuvieron en el Ministério de la Salud las estimaciones de la población y los datos de mortalidad para EC, EIC y ECbV para el periodo entre 1980 y 2005. Se analizaron el riesgo de muerte por EIC y ECbV por 100

  20. Violência no Município do Rio de Janeiro: áreas de risco e tendências da mortalidade entre adolescentes de 10 a 19 anos Violence in Rio de Janeiro Municipality: risk areas and mortality trends among adolescents 10 to 19 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edinilsa Ramos de Souza

    1997-05-01

    Full Text Available O presente estudo apresenta dados de mortalidade geral e mortalidade por causas externas (acidentes de trânsito e homicídios entre adolescentes de 10 a 19 anos no Município do Rio de Janeiro, Brasil, no período de 1980 a 1994. O objetivo do estudo foi descrever e contextualizar a mortalidade por causas externas e identificar áreas do Município com maior risco para esses agravos. O estudo pretendeu ainda observar tendências e sazonalidades desta mortalidade e situar a violência no campo da saúde pública sob o enfoque da vigilância epidemiológica. As informações sobre a mortalidade foram extraídas das declarações de óbito cedidas pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. Um total 20 224 declarações de óbito foram investigadas. As populações usadas nos denominadores das taxas foram estimadas a partir dos censos demográficos de 1980 e 1991. Para fins de análise, o Município foi dividido em oito áreas programáticas, cada uma composta por diversos bairros circunvizinhos. Realizou-se uma análise de séries temporais para os acidentes de trânsito e os homicídios. Os resultados mostraram que as causas externas são as principais causas de morte na faixa de 10 a 19 anos e no período estudado mostraram-se crescentes, principalmente entre o sexo masculino. Os resultados demonstraram ainda a heterogeneidade da distribuição da mortalidade em diferenciados espaços sócio-econômicos do Município. O estudo aponta para a necessidade de uma integração do setor de saúde a outros setores e instituições e de uma reestruturação do sistema de saúde em função da vigilância epidemiológica à violência.This study presents data on general mortality and mortality from external causes (traffic accidents and homicides among adolescents 10 to 19 years of age in Rio de Janeiro Municipality, Brazil, from 1980 to 1994. The purpose of the study was to describe and put into context mortality from external causes and to

  1. Mortalidade perinatal por sífilis congênita: indicador da qualidade da atenção à mulher e à criança Perinatal mortality due to congenital syphilis: a quality-of-care indicator for women's and children's healthcare

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Saraceni

    2005-08-01

    Full Text Available A sífilis permanece como causa importante de mortalidade perinatal no Município do Rio de Janeiro, Brasil, onde o presente estudo foi realizado utilizando os dados do Sistema de Informação de Mortalidade e das Fichas de Notificação e Investigação de Óbitos Fetais e Neonatais, obrigatórias para as maternidades municipais. Entre 1996 e 1998, a sífilis congênita foi responsável por 13,1% dos óbitos fetais e 6,5% dos neonatais nas maternidades municipais. Entre 1999 e 2002, os percentuais foram de 16,2% e 7,9%, respectivamente. Para o Município do Rio de Janeiro, de 1999 a 2002, os percentuais foram 5,4% e 2,2%, para óbitos fetais e neonatais. A taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita permanece estável no Município do Rio de Janeiro apesar dos esforços iniciados com as campanhas para eliminação do agravo em 1999 e 2000. Propomos a utilização da taxa de mortalidade perinatal por sífilis congênita como indicador de impacto das ações de controle e eliminação da sífilis congênita e sugerimos a utilização das fichas de notificação e investigação de óbitos fetais e neonatais para a vigilância de outros agravos evitáveis.Syphilis is a persistent cause of perinatal mortality in Rio de Janeiro, Brazil, where this study was performed using data from the mortality data system and investigational reports for fetal and neonatal deaths, mandatory in municipal maternity hospitals. From 1996 to 1998, 13.1% of fetal deaths and 6.5% of neonatal deaths in municipal maternity hospitals were due to congenital syphilis. From 1999 to 2002, the proportions were 16.2% and 7.9%, respectively. For the city of Rio de Janeiro as a whole from 1999 and 2002, the proportions were 5.4% of fetal deaths and 2.2% of neonatal deaths. The perinatal mortality rate due to congenital syphilis remains stable in Rio de Janeiro, despite efforts initiated with congenital syphilis elimination campaigns in 1999 and 2000. We propose that the

  2. Mortalidade infantil em município da região Centro-Oeste Paulista, Brasil, 1990 a 1992 Infant mortality in a midwest city of Southeastern Brazil, 1990 to 1992

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime de O. Gomes

    1997-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A mortalidade infantil em Presidente Prudente, SP (Brasil, foi estudada no período de 1990 a 1992, a partir de aplicação de métodos para obtenção de diagnóstico coletivo que orientassem a identificação e escolha de estratégias de controle de problemas locais. MATERIAL E MÉTODO: Foram utilizadas declarações de óbito colhidas no cartório, cujos dados originais foram corrigidos por meio de pesquisa documental nos serviços de saúde e entrevistas domiciliares. Para estudar variáveis como idade materna e peso ao nascer foram utilizados os dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC. A qualidade dos dados originais das declarações de óbitos foi inicialmente analisada pela quantidade de informações, sensibilidade, especificidade e valor de Kappa. RESULTADO: A sensibilidade global para a causa básica de óbito foi 78,84% e Kappa igual a 71,32 para o total de causas. Ocorreram 189 óbitos, sendo 66,15% no período neonatal (41,28% durante o primeiro dia de vida e 33,85% no infantil tardio. O peso ao nascer de 58,28% dos óbitos foi menor que 2.500g. As causas básicas de óbito foram estudadas segundo a possibilidade de serem prevenidas (método desenvolvido por Erica Taucher por grupos de causas reduzidas utilizadas no "International Collaborative Effort" (ICE, causas múltiplas e distribuição geográfica. Observou-se que nos óbitos ocorridos até 27 dias, 22,23% poderiam ser evitados por adequada atenção ao parto, 20,64% seriam redutíveis por diagnóstico e tratamento precoce, 13,75% por bom controle da gravidez e apenas 7,94% não evitáveis. Das mortes ocorridas no período infantil tardio, 12,17% foram classificadas como outras preveníveis e 4,23% foram consideradas não evitáveis. Segundo os grupos do ICE, 58,74% faleceram por imaturidade ou asfixias; 19,58% por infecções e, 12,17%, por anomalias congênitas. CONCLUSÃO: Os resultados sugerem prioridade para assistência obst

  3. Determinantes precoces da pressão arterial em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS Determinantes precoces de la presión arterial en adultos de la cohorte de nacimientos de 1982, Pelotas, Sur de Brasil Early determinants of blood pressure among adults of the 1982 birth cohort, Pelotas, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo L Horta

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos de exposições ocorridas na gestação ou nos primeiros anos de vida sobre a pressão arterial. MÉTODOS: Estudo de coorte com todas as crianças nascidas em 1982 nas maternidades da cidade de Pelotas, RS. As mães residentes em área urbana foram entrevistadas e as crianças, acompanhadas em diferentes ocasiões. Em 2004-5, buscou-se acompanhar todos os indivíduos da coorte. A pressão arterial foi medida duas vezes, no início e no final da entrevista, com esfigmomanômetro digital de pulso. Foi avaliada a associação entre pressão arterial e as seguintes variáveis: cor da pele; escolaridade materna; renda familiar ao nascer; mudança de renda entre o nascimento e os 23 anos de idade; peso ao nascer e duração da amamentação. A análise de variância foi utilizada para a comparação de médias e os modelos lineares generalizados na análise ajustada. RESULTADOS: Obteve-se a medida da pressão arterial para 4.291 indivíduos, 2.208 do sexo masculino e 2.083 do sexo feminino. A média das medidas da pressão arterial sistólica foi de 117,5±15,0 mmHg e da diastólica, de 73,6±11,5 mmHg. Entre os homens, a pressão arterial sistólica foi maior nos indivíduos de cor da pele preta ou parda e naqueles que nunca foram considerados pobres. A pressão diastólica esteve associada apenas com o peso ao nascer. Entre as mulheres, a pressão arterial sistólica foi maior nas de cor da pele preta ou parda, cuja escolaridade materna era maior ou igual a 12 anos ou com peso ao nascer menor do que 4.000 g. CONCLUSÕES:Para ambos os sexos apenas a cor da pele esteve associada com a pressão arterial. A amamentação não teve efeito em longo prazo sobre a pressão arterial, e para o peso ao nascer e o nível socioeconômico, as associações não foram consistentes.OBJETIVO: Evaluar los efectos de exposiciones ocurridas en la gestación o en los primeros años de vida sobre la presión arterial. MÉTODOS: Estudio de

  4. Correlação entre tempo para o tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur Correlation between time until surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Gonçalves Arliani

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo primário do estudo é analisar a possível associação entre o atraso para a realização do tratamento cirúrgico e mortalidade em pacientes idosos com fratura da extremidade proximal do fêmur. MÉTODOS: Foram estudados 269 pacientes com fraturas da extremidade proximal do fêmur (fraturas do colo do fêmur e fraturas intertrocanterianas, tratadas cirurgicamente no Hospital São Paulo - Unifesp-SP, no período de janeiro de 2003 a dezembro de 2007. Foram analisados e comparados com a literatura referente ao assunto os seguintes atributos: sexo, idade, tipo de fratura, classificação da mesma, lado acometido, síntese utilizada, mecanismo de trauma, tempo de internação, tempo para cirurgia, comorbidades associadas, hemograma de entrada, tipo de anestesia, necessidade de transfusão sanguínea, dia da semana e estação do ano da fratura. RESULTADOS: O estudo apresentou correlação entre maior número de comorbidades clínicas, maior tempo de internação e utilização de anestesia geral na cirurgia com maior mortalidade dos pacientes. CONCLUSÃO: Não houve associação entre tempo para realização da cirurgia e mortalidade.OBJECTIVE: The primary aim of this study was to analyze the possible association between delay in receiving surgical treatment and mortality among elderly patients with fractures at the proximal end of the femur. METHODS: 269 patients with fractures at the proximal end of the femur (femur neck and intertrochanteric fractures who were treated surgically at Hospital São Paulo, UNIFESP, São Paulo, between January 2003 and December 2007, were studied. Sex, age, type of fracture, classification of the fracture, affected side, synthesis used, trauma mechanism, length of hospitalization, length of surgery, associated comorbidities, hemogram at admission, type of anesthesia, need for blood transfusion, day of the week and season of the year of the fracture were analyzed and compared with the literature

  5. Determinantes individuais e contextuais da necessidade de tratamento odontológico na dentição decídua no Brasil Individual and contextual determinants of dental treatment needs of children with primary dentition in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Leopoldo Ferreira Antunes

    2006-03-01

    Full Text Available Para documentar níveis de doença bucal no Brasil, e avaliar determinantes da experiência de cárie, estudou-se a condição dentária de 26.641 crianças de cinco anos de idade, conforme dados fornecidos por um levantamento nacional de saúde bucal realizado em 2002-3, compreendendo 250 cidades. A prevalência de cárie não tratada foi associada a características sociodemográficas das crianças examinadas e condições geográficas das cidades participantes, através de análise multinível. As regiões brasileiras com melhores indicadores sociais apresentaram perfil mais favorável de saúde bucal. Crianças negras e pardas, e aquelas estudando em áreas rurais e em pré-escolas públicas, apresentaram chance significantemente mais elevada de terem dentes decíduos cariados não tratados. O perfil de saúde bucal das cidades foi associado com a adição de flúor à água de abastecimento público, a proporção de domicílios ligados à rede de águas e o Índice de Desenvolvimento Humano. A experiência de cárie dentária é suscetível a desigualdades sociodemográficas e geográficas; o monitoramento dos contrastes em saúde bucal é relevante para a programação de intervenções socialmente apropriadas, dirigidas a melhorias globais e ao direcionamento de recursos para grupos de população com níveis mais elevados de necessidades.To document levels of dental disease in Brazil, and to appraise contextual and individual determinants of caries experience, we studied the dental status of 26,641 five-year-old schoolchildren, as informed by a country-wide survey of oral health comprising 250 towns and performed in 2002-3. The prevalence of untreated caries was associated with socio-demographic characteristics of examined children (gender, ethnic group, localisation and type of school, and geographic conditions of participating towns (human development index, and differential levels of access to fluoridated tap water, in a multilevel

  6. Tendência da mortalidade relacionada à varicela no Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2004: estudo usando causas múltiplas de morte Chickenpox-related mortality trends in the state of São Paulo, Brazil, 1985-2004: a multiple cause approach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Hasiak Santo

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a tendência da mortalidade relacionada à varicela tanto como causa básica quanto como causa associada de morte (informada em qualquer linha ou parte do atestado médico da declaração de óbito. MÉTODOS: Os dados provieram dos bancos de causas múltiplas de morte da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados de São Paulo (SEADE entre 1985 e 2004. As causas de morte foram processadas pelo Tabulador de Causas Múltiplas. RESULTADOS: Nesse período de 20 anos, ocorreram 1 037 óbitos em que a varicela foi identificada como causa básica e 150 nos quais foi causa associada. Os coeficientes de mortalidade pela causa básica foram superiores e declinaram, ao passo que a mortalidade por varicela como causa associada apresentou um pequeno aumento. Setenta e seis por cento das mortes ocorreram em menores de 10 anos de idade, especialmente nos menores de 1 ano. Ocorreu concentração de mortes entre os meses de julho e janeiro (86,8% do total de 1 187 óbitos, com valores máximos em outubro. Os coeficientes de mortalidade da capital para a varicela como causa básica e associada foram, respectivamente, 47,1 e 50,0% maiores do que os do interior do Estado. Para a varicela como causa básica, as pneumonias e septicemias foram as principais causas associadas, ao passo que para a varicela como causa associada, a AIDS e as neoplasias foram as principais causas básicas de morte. CONCLUSÕES: Em que pese o declínio da varicela como causa básica de morte, este estudo permitiu evidenciar o impacto da mortalidade relacionada à varicela em grupos de risco específicos, entre os quais as crianças entre 1 e 4 anos e os indivíduos com AIDS e neoplasias.OBJECTIVE: To study mortality trends related to chickenpox, as either the underlying or associated cause-of-death (recorded in any field of the medical section of the death certificate, in São Paulo, Brazil. METHODS: Mortality data for 1985-2004 were obtained from the multiple cause

  7. Estudo da Mortalidade Materna no Município de São Paulo durante o Ano de 1996 Maternal Mortality in São Paulo City in 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Carlos Pazero

    1998-08-01

    Full Text Available Objetivos: estabelecer uma lista das doenças que provocaram óbito materno por ordem de freqüência. Métodos: no ano de 1996 foram registrados 65.406 óbitos no Município de São Paulo, sendo que 26.778 foram mulheres. Destas, 4.591 se encontravam na faixa entre 10 e 49 anos. Realizamos uma análise deste último grupo, tendo por crivo o campo "Causa da Morte" da Declaração de Óbito, onde tentamos estabelecer alguma correlação entre a patologia ali descrita e o ciclo gravídico-puerperal. Separamos para um estudo mais aprofundado 293 Declarações de Óbito, das quais selecionamos, após pesquisa hospitalar e/ou visita domiciliar, um total de 119 casos positivos para morte materna. Os casos positivos para morte materna foram então tabulados, agrupados e analisados por idade e patologia, utilizando-se os grandes grupos de assistência. Resultados: dos 119 casos positivos para morte materna não havia referência ao estado gravídico-puerperal em 53 deles, ou seja, 40,54% de subnotificação. Os casos foram agrupados por patologia, sendo que encontramos um predomínio de casos de eclâmpsia/pré-eclâmpsia (18,02%, seguidos pelos casos decorrentes de complicações hemorrágicas de terceiro trimestre e puerpério (12,61%, complicações de aborto (12,61%, infecção puerperal (9,91% e cardiopatias (9,91%. Conclusões: pela primeira vez estamos divulgando o Coeficiente de Mortalidade Materna Tardio para o Município de São Paulo, que foi de 51,33/100.000 nascidos vivos. Utilizamos para divulgação oficial, porém, o Coeficiente de Mortalidade Materna para óbitos até 42 dias de puerpério, que para o Município de São Paulo foi de 48,03/100.000 nascidos vivos. Lembramos que a este valor não se deve aplicar nenhum fator de correção, tendo em vista termos feito uma busca ativa de casos.Purpose: to establish a list of diseases promoting maternal death according to frequency. Methods: In 1996, 65,406 deaths were recorded in the City of

  8. O ACESSO GEOGRÁFICO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE NA REGIÃO METROPOLITANA DE MANAUS E O PERFIL DA MORTALIDADE/Geographic access to health services in the metropolitan region of Manaus and the mortality profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Cristina Cardoso dos Anjos

    2018-04-01

    Full Text Available A Região Metropolitana de Manaus (RMM está localizada no setor central da Amazônia, inserida no bioma da maior floresta tropical do planeta. Nessa paisagem, povos de diferentes culturas vivem e carecem de infraestrutura básica, serviços de educação e saúde. Considerando-se este contexto é apresentado neste artigo um estudo sobre o acesso geográfico aos serviços de saúde organizados na RMM. A análise incluiu: os aspectos do ambiente, a distribuição espacial dos serviços de saúde, os modais de transporte utilizados pela população em busca de atendimento a estes serviços e o perfil de mortalidade nos municípios que compõe a RMM. Os procedimentos metodológicos foram trabalhados por meio de levantamentos bibliográficos e documentais, dados secundários e cartográficos retirados do CPRM, DATASUS, DNIT e IBGE. Para apresentar o perfil de mortalidade da RMM foi calculada a taxa de incidência para cada município. De acordo com os resultados, observou-se que o acesso aos serviços de saúde, em todos os níveis de atenção, varia de acordo com a Geografia Física da região, sazonalidades fluviais e localização da população (urbana e rural. Esses aspectos podem ser relacionados com o perfil epidemiológico dos óbitos, cuja localização se conexa aos padrões de modais de transportes, assim como as mortes por causas mal definidas e o acesso fluvial ao serviço de saúde.

  9. Contribuição para o estudo do significado da evolução do coeficiente de mortalidade infantil no município de São Paulo, SP (Brasil nas três última décadas (1950-1979 A contribution to the study of the significance of the trends in infant mortality rates for the city of S. Paulo, Brazil, during the last three decades (1950-1979

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Augusto Monteiro

    1982-02-01

    Full Text Available Buscando contribuir ao estudo da relação evolução da mortalidade infantil - evolução da qualidade de vida, foram examinadas no município de São Paulo as correlações existentes nas três últimas décadas entre as séries históricas da mortalidade e as séries históricas do valor do salário mínimo e da cobertura do abastecimento público de água. Estes dois últimos, salário e água, entendidos como fatores de maior e menor abrangência para o conjunto das condições de vida da população. O descenso da mortalidade na década de 50 e o ascenso da mesma na década de 60 estiveram significativamente relacionados à evolução do salário-mínimo real. Entretanto, a evolução da mortalidade na década de 70, com importante queda a partir de 1974, esteve relacionada especificamente à evolução do abastecimento de água. Conclui-se que no período 1950-1979 são diferentes as implicações para a qualidade de vida que podem ser tiradas a partir da evolução da mortalidade infantil e que parece equivocado afirmar-se que a reversão das altas mortalidades a partir de 1974 tenha significado idêntica reversão na deterioração das condições de vida que ensejaram o ascenso da mortalidade no período anterior.The possible correlations between infant mortality statistics and those, first, on the real value of the legal minimum salary and, sencondly, on the extent of the public water-supply system, for the city of S. Paulo (Brazil over the last three decades, were studied with a view to determining the relationship between the historical trends in the infant mortality rates and in the quality of life. The abovementioned factors - salary and water-supply - are taken as factors of greater and lesser relevance, respectively, for the overall picture of the living conditions of the population. The mortality decline in the 50s and its increase in the 60s were found to be related, significantly, to the trends in the real value of the legal

  10. Comparação da mortalidade neonatal em recém-nascidos de muito baixo peso ao nascimento, em maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil Comparison of neonatal mortality in very low birth weight newborns at maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Luiz Muniz Bandeira Duarte

    2005-10-01

    Full Text Available Foi realizada a comparação das taxas de mortalidade neonatal em quatro maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil. A população estudada foi de recém-nascidos com peso inferior a 1.500g. O instrumento utilizado foi um questionário com dados informados pela mãe e o prontuário médico. Foram calculados, para cada instituição, as Razões Padronizadas de Mortalidade (RPM com o método direto e indireto, tendo como padrão a distribuição por peso do National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research. A amostra final apresentou 487 recém-nascidos. As padronizações pelo método direto e indireto mostraram elevadas taxas de mortalidade em todas as instituições; as que apresentaram a maior quantidade de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos, foram aquelas que mostraram os menores valores de RPM. A menor razão de mortalidade por faixa de peso foi encontrada na faixa de peso entre 500 e 749g. Os resultados da RPM estão inversamente associados ao quantitativo populacional de recém-nascidos nas faixas com os menores pesos. Os coeficientes de mortalidade mostraram taxas altas, principalmente nas faixas de peso mais elevados. Os resultados apontam para uma qualidade deficiente na atenção perinatal.This study was a comparison of neonatal mortality rates in four maternity hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brazil. The study population consisted of newborns with birth weight below 1,500g. The research instrument was a questionnaire with data reported by the mother and collected from the patient record. For each maternity hospital the standardized mortality ratio (SMR was calculated using the direct and indirect method, using the weight distribution of the National Institute of Child Health and Human Development Neonatal Research as the standard. The final sample consisted of 487 newborns. Standardizations by the direct and indirect method showed high mortality rates in all four institutions

  11. Estudo Sobre a Decomposição dos Determinantes da Variação da Pobreza nos Estados Brasileiros no Período 2001 a 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Cabral da Silva

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: Fundamentando-se nas teorias que procuram relacionar pobreza, desigualdade, crescimento econômico e bem-estar, o objetivo central deste estudo é decompor a variação da pobreza, baseando-se nos seguintes fatores: efeito tendência, efeito crescimento, efeito desigualdade e efeito residual em relação aos estados brasileiros, entre 2001 e 2012. Para tanto, parte-se da estimação de um modelo estatístico com dados em painel, com utilização das seguintes variáveis: pobreza, renda familiar per capita e o índice de Gini, extraídas da PNAD. Em relação ao modelo adotado, é válido destacar que o efeito tendência é uma distinção, uma vez que não foi ainda utilizada em decomposições para área rural, mas apenas para zona urbana. Quanto ao aspecto relativo à redução de pobreza, os resultados encontrados indicam que, na maior parte dos estados, o efeito crescimento se sobressaiu em relação aos demais no período analisado. Não obstante, o efeito distribuição também teve sua importância nesse processo, seguido do efeito tendência. Porém, o efeito residual foi de pouca relevância.

  12. Câncer em mulheres idosas das regiões Sul e Sudeste do Brasil: Evolução da mortalidade no período 1980 - 2005 Cancer in elderly women in the South and Southeast regions of Brazil: mortality trends in the 1980- 2005 period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Vianna Basílio

    2008-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Com o envelhecimento progressivo da população, as neoplasias se constituíram em importante causa de morbimortalidade no Brasil. As regiões Sul e Sudeste apresentam as maiores taxas de mortalidade por câncer e abrigam os maiores contingentes de população idosa. OBJETIVO: Analisar a tendência da mortalidade por localizações selecionadas de câncer na população feminina de 60 anos ou mais das regiões Sul e Sudeste do Brasil, no período 1980-2005. METODOLOGIA: Os dados anuais da população residente e de mortalidade por câncer em geral e por câncer de esôfago, estômago, cólon/reto, pâncreas, pulmão, mama e colo de útero foram obtidos no DATASUS. A análise da tendência das taxas de mortalidade foi efetuada para três faixas etárias, a partir de 60 anos, através de modelos de regressão. RESULTADOS: Verificou-se tendência significativa de crescimento da mortalidade por câncer de cólon/reto, pâncreas, pulmão e mama nas três faixas etárias nas duas regiões. O câncer de estômago apresentou tendência significativa de decréscimo em todas as faixas etárias nas regiões Sul e Sudeste, enquanto para câncer de esôfago observou-se tendência significativa de declínio somente no Sudeste. CONCLUSÕES: Os padrões de mortalidade por câncer de mulheres idosas do Sul e Sudeste do Brasil acompanham tendências mundiais, tendo ocorrido importantes variações no período de estudo. Mecanismos envolvidos no comportamento da mortalidade em idosos, em grande parte ainda desconhecidos, assim como diferenças regionais e entre as gerações na prevalência de fatores de risco e proteção para câncer, poderiam explicar parcialmente os padrões observados. São necessários estudos que aprofundem a análise da mortalidade por câncer nesse grupo populacional.INTRODUCTION: With the gradual aging of the Brazilian population, cancer has gained an increasingly important role as a cause of morbidity and mortality. The

  13. Tecnologia 3G como Determinante de Custos: estudo em uma operadora de telefonia móvel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Antônio Souza

    2015-08-01

    Full Text Available O objetivo do artigo é verificar a influência da tecnologia 3G (tecnologia da terceira geração da telefonia móvel nos determinantes de custos de uma operadora de telefonia móvel localizada no Rio Grande do Sul. O estudo contempla os determinantes de custos sob a ótica e conceitos da vantagem competitiva desenvolvida por Porter (1989 e da gestão estratégica de custos discutida por Shank e Govindarajan (1997. Trata-se de um estudo de caso único, de natureza qualitativa e descritiva, desenvolvido no terceiro trimestre de 2013. A coleta e de dados deu-se por entrevistas semiestruturadas com gestores da empresa, análise documental e observações in loco. A análise dos dados ocorreu pelo confronto do conteúdo das três fontes utilizadas e em relação ao conteúdo apresentado pela literatura acerca do tema. Os principais achados da pesquisa indicam que a terceira geração da tecnologia da telefonia móvel desencadeou um processo de mudanças significativas em determinantes de custos estruturais e operacionais que, por conseguinte, refletiram na estrutura de custos da operadora e na alavancagem de receitas. A caracterização dessas mudanças evidencia consistência delas com a teoria desenvolvida sobre o tema determinantes de custos.

  14. Mortalidade por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de São Paulo Cancer mortality among rubber industry workers in São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Neves

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as mortes por câncer em trabalhadores da indústria da borracha de acordo com o tamanho da empresa. MÉTODOS: Coorte histórica com 9.188 trabalhadores masculinos, matriculados em sindicato de trabalhadores da indústria de borracha do Estado de São Paulo entre 1975 e 1985, sobreviventes em janeiro de 1990 e acompanhados até o final de 2000. As mortes por câncer foram comparadas internamente à coorte, cujos membros foram subdivididos em estratos por porte e sub-ramo da empresa, setor de trabalho e qualificação profissional. A abordagem por conjuntos de risco e regressão logística condicional foi utilizada para o cálculo dos riscos relativos, ajustados por idade, tempo desde o primeiro emprego e tempo de trabalho na indústria da borracha. RESULTADOS: Quando comparados aos empregados de grandes empresas, trabalhadores de pequenas empresas mostraram excesso de mortes por todos tipos de câncer (RR=2,33; IC 95%: 0,90-6,03; tumores de estômago (RR=3,47; IC 95%: 2,57-4,67 e do trato aero-digestivo superior (RR=2,49; IC 95%: 1,78-3,48. Identificou-se excesso de mortes por câncer nos trabalhadores dos setores de manutenção (RR=2,23; IC 95%: 0,73-6,76; expedição, armazenamento e transporte (RR=2,97; IC 95%: 0,77-11,38; e produção (RR=3,51; IC 95%: 1,07-11,57, comparados aos trabalhadores dos setores administrativos. CONCLUSÕES: Os resultados mostram evidências de aumento do risco de tumores de estômago e do trato aero-digestivo superior e, possivelmente, por câncer em geral em trabalhadores de empresas de pequeno porte da indústria da borracha quando comparados aos trabalhadores das grandes empresas.OBJECTIVE: To investigate cancer deaths among rubber industry workers according to company size. METHODS: This historical cohort study included 9,188 male workers, engaged as members of a workers' union in São Paulo, Southeastern Brazil, between 1975 and 1985, alive in January 1990 and followed until the end of 2000

  15. Mortalidad intrahospitalaria por accidente cerebrovascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Federico Rodríguez Lucci

    2013-08-01

    Full Text Available La mortalidad global por accidente cerebrovascular (ACV ha disminuido en las últimas tres décadas, probablemente debido a un mejor control de los factores de riesgo vascular. La mortalidad hospitalaria por ACV ha sido tradicionalmente estimada entre 6 y 14% en la mayoría de las series comunicadas. Sin embargo, los datos de ensayos clínicos recientes sugieren que esta cifra sería sustancialmente menor. Se revisaron datos de pacientes internados con diagnóstico de ACV del Banco de Datos de Stroke de FLENI y los registros institucionales de mortalidad entre los años 2000 y 2010. Los subtipos de ACV isquémicos se clasificaron según criterios TOAST y los ACV hemorrágicos en hematomas intrapanquimatosos, hemorragias subaracnoideas aneurismáticas, malformaciones arteriovenosas y otros hematomas intraparenquimatosos. Se analizaron 1514 pacientes, 1079 (71% con ACV isquémico (grandes vasos 39%, cardioembólicos 27%, lacunares 9%, etiología indeterminada 14%, otras etiologías 11% y 435 (29% con ACV hemorrágico (intraparenquimatosos 27%, hemorragia subaracnoidea 30%, malformaciones arteriovenosas 25% y otros hematomas espontáneos 18%. Se registraron 38 muertes intrahospitalarias (17 ACV isquémicos y 21 ACV hemorrágicos, representando una mortalidad global del 2.5% (1.7% en ACV isquémicos y 4.8% en ACV hemorrágicos. No se registraron muertes asociadas al uso de fibrinolíticos endovenosos. La mortalidad intrahospitalaria en pacientes con ACV isquémico y hemorrágico en nuestro centro fue baja. El manejo en un centro dedicado a las enfermedades neurológicas y el enfoque multidisciplinario por personal médico y no médico entrenado en el cuidado de la enfermedad cerebrovascular podrían explicar, al menos en parte, estos resultados.

  16. INFLUÊNCIA DOS FATORES AMBIENTAIS SOBRE O TAMANHO DA LEITEGADA AO NASCER E TAXA DE MORTALIDADE À DESMAMA DE LEITÕES NO BREJO PARAIBANO INFLUENCE OF ENVIRONMENTAL FACTORS ON THE LITTER SIZE AT BIRTH AND OF MORTALITY RATE AT WEANING OF PIGS IN PARAÍBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luci Sayori Murata

    2007-04-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva avaliar a influência dos fatores ambientais sobre o tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade à desmama de leitões no Brejo Paraibano. Para isso, utilizaram-se dados provenientes de fichas zootécnicas do rebanho da Granja SUPASA no município de Guarabira, Estado da Paraíba, e procedeu-se à análise das fichas zootécnicas do plantel de suínos puros das raças Landrace e Large White e dos animais mestiços (Landrace x Large White, nascidos no período de 1995 a 1996. Foram estudadas as seguintes características: o número de leitões nascidos por leitegada (tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade dos leitões pré-desmame, em relação à raça da mãe, mês e ano de parição e sexo dos leitões. Após o estudo dos dados coletados, verificaram-se diferenças significativas entre raças para o tamanho da leitegada, a saber: a raça Landrace e os mestiços apresentaram um maior número de leitões nascidos por leitegada do que a Large White; o ano e o mês de parição exerceram efeito significativo sobre o tamanho da leitegada ao nascer, assim como a taxa de mortalidade à desmama. PALAVRAS-CHAVE: Eficiência produtiva, mortalidade, raças, reprodução, suínos This experiment was carried out to evaluate the influence of the environmental and genetic factors on the litter size and mortality rate at birth and weaning f pigs in Paraíba, Brazil. The Zootechnical data was collected from farm SUPASA, in the district of Guarabira, state of Paraíba, Brasil. They were analyzed the data of pure swine Landrace and Large White and crossed animals (Landrace x Large White, born in the period from 1995 to 1996. The following characteristics were evaluated number of born pigs per litter (piglets born alive and the rate of mortality of the pigs at weaning, in relation to the mother’s race, month and year of parturition, and sex of the pigs. After the studies of the collected data significant

  17. Evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais nos estados brasileiros, 1980 a 2009 Suicide mortality temporal trends in people aged 60 years or more in the Brazilian states: 1980 to 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Wernersbach Pinto

    2012-08-01

    Full Text Available Este artigo objetiva verificar a evolução temporal da mortalidade por suicídio em pessoas com 60 anos ou mais segundo a unidade da federação no período de 1980 a 2009. Na construção das séries históricas empregaram-se dados da mortalidade por suicídio (CID-9 códigos E950 a E959 e CID-10 códigos X60 a X84 e Y87.0 obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM/MS. Dados referentes à contagem populacional foram obtidos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Na avaliação da tendência temporal empregou-se o modelo de regressão de Poisson, no qual a variável resposta foi o número de óbitos e a variável explanatória o ano calendário centralizado. Foram consideradas tendências estatisticamente significativas aquelas cujo p-valor The scope of this paper is to determine the temporal evolution of mortality by suicide in people aged 60 or more per State in Brazil between 1980 and 2009. Historical mortality by suicide data (ICD-9 codes E950 to E959 and ICD-10 codes X60 to X84 and Y87.0 were obtained from the Mortality Information System (SIM / MS. Data regarding population counts were obtained from the Brazilian Institute of Geography and Statistics. In the assessment of temporal trends the Poisson regression model was used, in which the dependent variable was the number of deaths and the centralized calendar year was the explanatory variable. Statistically significant trends were considered those whose p-value was d" 0.05. The results revealed the presence of a statistically significant increasing trend in four states and a decrease in two (general population; 60 years or more. In the male population there was an increase in five states and a reduction in two. The female rate showed an increase in one state and a decrease in three. There was an increasing trend in Piauí, Ceará and Rio Grande do Norte and a reduction in Amazonas, Roraima, and São Paulo for people aged between 60 and 69. Increasing rates

  18. Mortalidade por leucemias relacionada à industrialização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leal Carmen Helena Seoane

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da mortalidade por leucemia na população, buscando identificar agregados e estabelecer sua relação com os níveis de industrialização. MÉTODOS: O estudo foi realizado nas 43 regiões de governo do Estado de São Paulo, no qüinqüênio 1991-1995. Foi construído um "índice de industrialização relativo à leucemia" (IIRL baseado no número de indústrias e empregos industriais por 100.000 habitantes, valor adicionado fiscal, variedade de ramos industriais e indústrias com potenciais exposições de risco para a leucemia. O IIRL foi distribuído em cinco categorias. Verificaram-se os coeficientes padronizados de mortalidade por leucemia em cada uma das regiões, também distribuídos em cinco categorias e comparados ao mapa IIRL. RESULTADOS: As regiões mais industrializadas em ordem decrescente foram Campinas, Piracicaba, Jundiaí, Sorocaba e São Paulo. Não foi encontrada associação entre mortalidade, por nenhum tipo de leucemia, e industrialização. A região de Jales foi a que apresentou o mais alto coeficiente padronizado de mortalidade por leucemia. CONCLUSÕES: A distribuição da mortalidade por leucemia ocorreu de forma homogênea no Estado de São Paulo, não apresentando correlação com o nível de industrialização. Entretanto, aspectos relacionados ao método epidemiológico adotado -- estudo ecológico -- e ao uso do parâmetro "mortalidade por leucemia", doença cujo prognóstico tem mudado muito nas últimas décadas, limitaram a interpretação dos resultados.

  19. Determinantes ambientais da ocorrência de espécies de peixes em riachos de cabeceira da bacia do rio Ivinhema, alto rio Paraná - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.520 Environmental determinants of fish species occurrence in headwaters streams of Ivinhema river basin, upper Paraná river - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.520

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Rota Alves Felipe

    2007-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de quantificar a importância de algumas características fisiográficas dos riachos sobre a ocorrência de quatro espécies de Characidae em riachos de cabeceira na bacia do rio Ivinhema, realizaram-se amostragens bimestrais em dez riachos com uso de telas de isca, com esforço amostral padronizado. A influência das variáveis ambientais sobre a ocorrência das espécies de peixes foi quantificada utilizando-se do modelo da análise de regressão logística. Constatou-se que a velocidade da correnteza foi o principal fator limitante da ocorrência de Serrapinnus notomelas, Hemigrammus marginatus e Moenkhausia sanctaefilomenae, enquanto a profundidade dos riachos foi o principal determinante da ocorrência de Bryconamericus stramineus. Assim, as primeiras espécies ocorrem predominantemente em locais com baixa velocidade da correnteza, enquanto B. stramineus ocorre principalmente em locais com pouca profundidade e com elevada velocidade da correnteza, sugerindo que as características fisiográficas dos habitat sejam importantes determinantes da colonização e persistência das espécies. Palavras-chave: distribuição espacial, peixes de riachos, bacia do rio Ivinhema.In order to quantify the importance of some physiographic characteristics of headwaters streams of Ivinhema basin on occurrence of four Characidae species, bimonthly samples in 10 streams using a rectangular sieve, with standardized sampling effort were collected. The influence of environmental descriptors on species occurrence was quantified using a logistic regression model. It was observed that the water velocity was the main limiting factor to occurrence of Serrapinnus notomelas, Hemigrammus marginatus and Moenkhausia sanctaefilomenae while stream depth was the main determinant of Bryconamericus stramineus occurrence. Thus, the first three species are found mainly in sites with less water velocity, while B. stramineus is found mainly in sites with less depth

  20. Estudo da morbidade e da mortalidade perinatal em maternidades: III - Anomalias congênitas em nascidos vivos A study of perinatal morbidity and mortality in maternity hospitals: III - Congenital anomalies in live briths

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Maria Pacheco de Souza

    1987-02-01

    Full Text Available Realizou-se estudo das anomalias congênitas encontradas em recém-nascidos vivos, em nove maternidades, durante o ano de 1981-1982. O material é parte de uma pesquisa desenvolvida em sete maternidade do Estado de São Paulo, uma do Rio de Janeiro e uma de Florianópolis, Santa Catarina (Brasil, no período de agosto de 1981 a julho de 1982, quando foram coletados dados sobre todos os nascimentos ocorridos nesses nove serviços. As anomalias congênitas foram definidas como as descritas no XIV.° capítulo da Classificação Internacional de Doenças - 1975, 9ª Revisão, tendo sido utilizada essa classificação para codificá-las. Na análise estatística foram utilizados o X² (com um grau de liberdade, o teste de inclinação para proporções ("Trend test" e a técnica de Berkson para a verificação da hipótese de aderência à distribuição de Poisson. Em 12.782 recém-nascidos vivos, 286 (2,24% apresentavam algum tipo de anomalia congênita, tendo havido 26 (0,20% crianças com duas anomalias, 9 (0,07% com três e duas (0,02 apresentando quatro tipos de malformações congênitas. As deformidades osteomusculares congênitas (código 754 da CID foram as mais freqüentes (19%;segue-se as outras anomalias congênitas do coração (746 com uma freqüência de 14,1%. Ao se analisar a prevalência dessas malformações pela idade da mãe nota-se que há um aumento da prevalência à medida que a idade avança, apenas para Sindrome de Down (758.Congenital anomalies in live births in nine maternities in the period 1981-1982 were studied. This was one aspect of a research project carried out in seven maternities in the State of S.Paulo, one in Rio de Janeiro and another in Florianópolis (Brazil, from which data on all births occurring between August 1981 and July 1982 were obtained. Congenital anomalies were classified according to the XIVth chapter of the CID-1975 - 9thRevision. Chi square for associations and for trend and Berkson

  1. Mortalidade de motociclistas em acidentes de transporte no Distrito Federal, 1996 a 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli de Mesquita Silva Montenegro

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever características sociodemográficas e analisar a tendência temporal da mortalidade de motociclistas traumatizados em acidentes de transporte. MÉTODOS: Estudo de séries temporais com dados de 580 óbitos de motociclistas do Distrito Federal, de 1996 a 2007, obtidos do Sistema de Informações sobre Mortalidade. Foram calculadas as taxas de mortalidade específicas segundo idade e sexo, as taxas padronizadas (método direto e a razão de óbitos por frota (motocicletas. A média móvel centralizada da taxa padronizada de mortalidade de homens foi calculada para o período de três anos e um modelo de regressão linear foi construído para estudar a evolução temporal da mortalidade. Para calcular o incremento anual da taxa de mortalidade padronizada utilizou-se o método joinpoint (ponto de inflexão. RESULTADOS: A maior parte dos motociclistas mortos era do sexo masculino, (94,3%, pardo (71,0% e tinha entre 20 e 39 anos (73,8%. A taxa padronizada de mortalidade de motociclistas (homens residentes foi de 1,9 para 7,2 óbitos/100 mil homens entre 1996 e 2007. Entre 1998 e 2007, a razão de óbitos por frota passou de 2,0 óbitos/10 mil motocicletas para 10,0 óbitos/10 mil motocicletas entre os homens. Estimou-se incremento anual de 0,48 óbito/100 mil homens (IC95% 0,31;0,65; p < 0,001. O incremento percentual anual da taxa padronizada de mortalidade para o sexo masculino foi de 36,2% no período 1998-2007 (IC 95% 21,2%;53,2%; p < 0,05. CONCLUSÕES: A taxa de mortalidade de motociclistas decorrente de acidentes de transporte aumentou expressivamente. Esse aumento é explicado apenas em parte pelo aumento da frota de motocicletas. Características individuais dos condutores, bem como as condições locais do tráfego, necessitam ser investigadas para o planejamento de políticas preventivas.

  2. Determinantes sociais e psicológicos do comportamento alimentar infantil

    OpenAIRE

    Andrade, Maria da Graça Massano de Amorim de Mavigné, 1961-

    2014-01-01

    Tese de doutoramento, Psicologia (Psicologia da Saúde), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2014 A redução da taxa de crescimento da obesidade infantil é um dos principais objetivos de saúde, a nível nacional e internacional, o que reforça a importância da aquisição de hábitos alimentares saudáveis nos primeiros anos da infância. Uma vasta evidência empírica aponta para a influência de uma multiplicidade de determinantes do comportamento alimentar infantil, sendo contudo neces...

  3. Fatores preditivos de morbidade e mortalidade no trauma penetrante do cólon

    OpenAIRE

    Thiago Rodrigues Araujo Calderan

    2014-01-01

    Resumo: A lesão de cólon, que ocorre em 25% a 41% dos ferimentos por projétil de arma de fogo (FPAF) e em 5% a 20% dos ferimentos por arma branca (FAB) que acometem o abdome, apesar de possuir baixa mortalidade, apresenta uma alta morbidade. O presente estudo teve como objetivo analisar quais os fatores prognósticos envolvidos no aumento da morbidade e da mortalidade no trauma penetrante do cólon. Foi realizado um estudo retrospectivo de 21 anos, em que 462 pacientes foram admitidos com traum...

  4. Brechas regionales de la mortalidad infantil en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta C Jaramillo-Mejía

    Full Text Available Objetivos. Estudiar las variaciones de la tasa de mortalidad infantil (TMI en los departamentos de Colombia durante el período 2003-2009, examinar la persistencia de las variaciones entre los departamentos sobre el tiempo y relacionarlas con el impacto de las condiciones socioeconómicas y la disponibilidad de servicios de salud, sobre la mortalidad infantil. Materiales y métodos. Utilizando estadísticas vitales y relacionando datos socioeconómicos y de servicios de salud, se analizaron tres aspectos: la variación de la TMI departamental (2003-2009, la relación entre la TMI departamental y determinantes claves en el tiempo, y las líneas de causalidad e impacto relativo de los diferentes factores. Se emplearan ecuaciones estructurales. Resultados. Se encontró una razón de 4,7 entre la mayor y menor TMI departamental (2009, esta podría estar subestimada principalmente por el subregistros en departamentos de bajos ingresos. Hay una relación negativa entre la TMI departamental con el tiempo y variables altamente correlacionadas, como educación de la madre, ingreso per cápita, cobertura de aseguramiento y acceso a servicios. Conclusiones. El efecto del aseguramiento, disponibilidad de camas privadas y atención médica, es superior al impacto de mejores condiciones socioeconómicas sobre la TMI. La oferta de servicios no parece estar influenciada por una política racional, los recursos no se asignan de acuerdo con las necesidades, sino con el desarrollo general. Las camas privadas se hacen disponibles donde hay mejor aseguramiento en salud y menor TMI

  5. Brechas regionales de la mortalidad infantil en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta C. Jaramillo-Mejía

    2013-12-01

    Full Text Available Objetivos. Estudiar las variaciones de la tasa de mortalidad infantil (TMI en los departamentos de Colombia durante el período 2003-2009, examinar la persistencia de las variaciones entre los departamentos sobre el tiempo y relacionarlas con el impacto de las condiciones socioeconómicas y la disponibilidad de servicios de salud, sobre la mortalidad infantil. Materiales y métodos. Utilizando estadísticas vitales y relacionando datos socioeconómicos y de servicios de salud, se analizaron tres aspectos: la variación de la TMI departamental (2003-2009, la relación entre la TMI departamental y determinantes claves en el tiempo, y las líneas de causalidad e impacto relativo de los diferentes factores. Se emplearan ecuaciones estructurales. Resultados. Se encontró una razón de 4,7 entre la mayor y menor TMI departamental (2009, esta podría estar subestimada principalmente por el subregistros en departamentos de bajos ingresos. Hay una relación negativa entre la TMI departamental con el tiempo y variables altamente correlacionadas, como educación de la madre, ingreso per cápita, cobertura de aseguramiento y acceso a servicios. Conclusiones. El efecto del aseguramiento, disponibilidad de camas privadas y atención médica, es superior al impacto de mejores condiciones socioeconómicas sobre la TMI. La oferta de servicios no parece estar influenciada por una política racional, los recursos no se asignan de acuerdo con las necesidades, sino con el desarrollo general. Las camas privadas se hacen disponibles donde hay mejor aseguramiento en salud y menor TMI

  6. Maternal mortality due to hemorrhage in Brazil Mortalidad materna en Brasil debida a hemorragia Mortalidade materna por hemorragia no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes de Souza

    2013-06-01

    causa de la muerte. OBJETIVO: analisar a razão de mortalidade materna devido a hemorragia identificada no Brasil, durante o período de 1997 a 2009. MÉTODO: análise de dados populacionais com série temporal. Os dados foram obtidos nos Sistemas de Informações de Mortalidade e Nascidos Vivos do Ministério da Saúde do Brasil. Foi selecionado, para análise, o total de óbitos de mulheres com idade compreendida entre 10 e 49 anos, que ocorreram no período de 1997 a 2009, e que foram registrados como "morte materna". RESULTADOS: durante o período de pesquisa, 22.281 mortes maternas foram identificadas no Sistema de Mortalidade e, dessas, 3.179 foram devido a hemorragia, respondendo por 14,26%. A razão de mortalidade materna esteve mais elevada nas Regiões Norte e Nordeste do Brasil. CONCLUSÕES: o cenário brasileiro mostra desigualdades regionais em relação à mortalidade materna. A hemorragia é apresentada como um sintoma, e não como uma causa de morte.

  7. Statistical aspects of determinantal point processes

    DEFF Research Database (Denmark)

    Lavancier, Frédéric; Møller, Jesper; Rubak, Ege

    The statistical aspects of determinantal point processes (DPPs) seem largely unexplored. We review the appealing properties of DDPs, demonstrate that they are useful models for repulsiveness, detail a simulation procedure, and provide freely available software for simulation and statistical infer...

  8. Análise de fatores pré e per-operatórios determinantes do resultado cirúrgico da tetralogia de Fallot Analysis of the factors pre and post-operatory, as determinants of the surgical results of the tetralogy of Fallot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bayard Gontijo Filho

    1987-08-01

    Full Text Available São analisados os resultados pós-operatórios imediatos de 98 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico da tetralogía de Fallot (TF num total de 109 procedimentos (29 cirurgias paliativas e 80 correções definitivas. No grupo de cirurgias paliativas, ocorreram 2 óbitos no início de nossa experiência, não havendo mortalidade nos últimos 20 pacientes operados. A técnica de Blalock-Taussig clássica foi a mais utilizada (19 casos. No grupo de correção total, houve 9 óbitos (11,2%, sendo 7 deles no período de 1979 a 1983, ocorrendo apenas 2 óbitos nos últimos 42 casos operados. A presença de anastomose sistêmico-pulmonar prévia (8 casos não interferiu na mortalidade pós-operatória. A análise retrospectiva desta experiência mostrou que os fatores que influenciaram negativamente o resultado cirúrgico foram: o baixo peso, a baixa idade, o alargamento de via de saída e alguns tipos de malformações associadas. A nossa conduta atual, baseada em uma sistematização colocada em prática a partir de 1984, prevê correção cirúrgica em 2 estágios, com tratamento paliativo antes dos 2 anos de idade. A mortalidade combinada observada nos últimos 2 anos foi de 4,7%.We report the immediate postoperative results of 98 patients who underwent surgical treatment for tetralogy of Fallot. A paliative operation was employed in 29 children and total correction was performed in 80 patients (109 operations. There were 2 postoperative deaths in the group of paliative treatment which occurred in the beggining of our experience and no deaths were found in the last 20 operations. In the group of patients who underwent total correction there were 9 deaths (11,2%, but only 2 of these deaths occurred in the last 42 patients operated. The presence of a previous shunt (8 patients did not interfere with the postoperative result. The factors that determined a higher postoperative mortality were: age under 2 years, weight under 10 kg, presence of

  9. Health-related quality of life determinants in outpatients with heart failure Determinantes de la calidad de vida relacionada a la salud en pacientes atendidos en ambulatorios con insuficiencia cardíaca Determinantes da qualidade de vida relacionada à saúde em pacientes ambulatoriais com insuficiência cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Martinelli Pelegrino

    2011-06-01

    Full Text Available This descriptive and exploratory study analyzed variables associated with health-related quality of life among 130 outpatients. Health-related quality of life was measured through the Minnesota Living with Heart Failure Questionnaire. Significant associations were found between patients’ health-related quality of life and their age (r=-0.177; p=0.044, vitality (r=-0.625; p=Trata-se de estudo descritivo e exploratório que analisou as variáveis associadas à qualidade de vida relacionada à saúde (QVRS, de 130 pacientes com insuficiência cardíaca, em seguimento ambulatorial. A QVRS foi avaliada pelo Minnesota Living with Heart Failure e realizada análise de regressão linear. A média da QVRS foi de 34,9 (dp=24,8; intervalo de 0 a 99. Foram encontradas associações significantes entre a medida da QVRS e idade (r=-0,177; p=0,044, vitalidade (r=-0,625; p=<0,001 e saúde mental (r=-0,672; p=<0,001, domínios do SF-36. A regressão linear mostrou que a gravidade dos sintomas da insuficiência cardíaca, e dois domínios do SF-36, vitalidade e saúde mental, explicaram 54% da variação da medida da QVRS. Controlar os sintomas e manter bem-estar mental é essencial para a manutenção da QVRS e são essenciais para o cuidado eficaz da insuficiência cardíaca.

  10. Estudio de determinantes sociales y estado de salud de la población

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda María Delgado Acosta

    2013-12-01

    Full Text Available Fundamento: el estudio de las determinantes sociales de la salud constituye una herramienta esencial para modificar el estado de salud de las poblaciones. Objetivo: describir la expresión de algunas determinantes de la salud y su relación con indicadores de salud en el Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Métodos: se realizó un estudio descriptivo sobre la contribución de algunas determinantes sociales al estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos durante el año 2011. Para ello se tuvieron en cuenta indicadores demográficos, sociales, medioambientales, de estilos de vida y de la organización de los servicios de salud. Resultados: el Área I resultó ser desfavorecida en varias de las dimensiones estudiadas como: medio ambiente, y en la organización de los servicios de salud, con inestabilidad en el cumplimiento de consultas y terrenos e incremento de los casos vistos en los Servicios de Urgencia, se observó elevado porcentaje en la exposición a factores de riesgo cardiovascular con repercusión en la mortalidad dentro de las primeras causas de muerte sin dejar de destacar el incremento que hubo en la incidencia de enfermedades transmisibles como: tuberculosis, enfermedades diarreicas e infecciones de transmisión sexual. Conclusiones: existen evidencias que permiten encauzar acciones para modificar el estado de salud de la población del Área I del municipio Cienfuegos desde la expresión de sus determinantes, con énfasis en la organización de los servicios de salud.

  11. Mortalidade materna na perspectiva do familiar Mortalidad materna en la perspectiva del familiar Maternal mortality on the family members' perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Azevedo Gomes

    2006-03-01

    Full Text Available A mortalidade materna é um dos indicadores do desenvolvimento de saúde e social de um país. É uma tragédia para a família, pois a morte da mãe priva a criança da amamentação e do contato materno, e pelo fato de caber à mulher manter a unidade da família. Este estudo teve como objetivo compreender o significado da morte atribuído por familiares das mulheres falecidas por causas maternas. A população foi constituída por dez familiares de sete mulheres que morreram durante o ciclo grávido-puerperal no município de Ribeirão Preto. Realizamos visitas domiciliares e a coleta de dados foi realizada por meio de entrevista dada pelo familiar da mulher. Para a análise dos dados, utilizamos a análise temática, em que depreendemos três categorias temáticas: significado da morte materna, vivenciando a mortalidade materna na família e vivenciando a mortalidade materna na instituição de saúde. As visitas domiciliares confirmaram que existem fatores coadjuvantes que influenciaram na ocorrência das mortes maternas.La mortalidad materna es uno de los indicadores del desarrollo en salud y social de un país. Es una tragedia para la familia, pues la muerte de la madre priva al niño del amamantamiento y del contacto materno, y por el hecho de que cabe a la mujer mantener la unidad de la familia. Este estudio tuvo como objetivo comprender el significado de la muerte atribuido por familiares de las mujeres fallecidas por causas maternas. La población estuvo constituida por diez familiares de siete mujeres que murieron durante el ciclo grávido-puerperal en el municipio de Ribeirão Preto. Se efectuaron visitas domiciliarias y la recolección de datos fue realizada por medio de entrevista al familiar de la mujer. Para el análisis de los datos, se utilizó el análisis temático, desprendiéndose tres categorías temáticas: significado de la muerte materna, vivenciando la mortalidad materna en la familia y vivenciando la mortalidad

  12. Realidad actual de la triste y desesperante mortalidad materna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fadlalla Bahsas Bahsas

    2015-05-01

    Full Text Available Si bien el anuncio viene a completar el mandato del Plan de la Patria 2013-2019, que tiene entre sus objetivos “garantizar que los partos sean atendidos en condiciones seguras y reducir las tasas de mortalidad materna, perinatal e infantil”. “La tasa de mortalidad Infantil y Materna son indicadores que determinan el nivel del desarrollo del País”, sin embargo en la práctica en nuestro país, la mortalidad infantil y materna ha ido en ascenso en los últimos años. La muerte materna es un indicador claro de injusticia social, inequidad de género y pobreza: el que un embarazo o parto desemboque en la muerte de la mujer refleja problemas estructurales, tanto de acceso como de atención a la salud; de hecho es el más dramático de una serie de eventos que revelan la falta de acciones para atender la situación de atraso, marginación y rezago en la que vive un sector de las mujeres pobres; así como las personas que conviven con ellas, del personal de salud y autoridades gubernamentales. Por otro lado, da cuenta de una serie de relaciones económicas, sociales y culturales que ubican a la mujer en una franca desventaja.

  13. Análise da mortalidade materna do município de Ribeirão Preto-SP - no período de 1991 a 1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oba Maria das Dores do Vale

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi conhecer e identificar as causas de morte materna. Os dados foram obtidos junto ao Comitê de Estudos e Prevenção de Morte Materna de Ribeirão Preto e atestados de óbitos. É um estudo exploratório, onde foram analisados 72 óbitos maternos, ocorridos em Ribeirão Preto, durante o período de 1991 a 1995. Em 1995 o coeficiente de mortalidade materna foi de 60,3 por 100.000 nascidos vivos, com predomínio de causas evitáveis, como a hemorragia (33,3%, outras causas (26,4%, hipertensão (15,3%, aborto (11,1%, infecção (8,3% e puerpério (5,6%. A mortalidade materna é um problema de saúde pública, que deve ser enfrentado pelas autoridades governamentais.

  14. Determinantes do valor da proteína C-reativa em indivíduos de nível sócio-econômico muito baixo Determinantes del valor de la proteína C reactiva en individuos de nivel socioeconómico muy bajo Determinants of C-reactive protein in individuals with very low socioeconomic status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis C. L. Correia

    2010-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Inflamação sistêmica exacerbada tem sido descrita em indivíduos de baixo nível sócio-econômico, porém estudos sobre determinantes dos valores de proteína C-reativa foram realizados apenas em países desenvolvidos. OBJETIVO: Identificar preditores de PCR em indivíduos de baixo nível SE em um país em desenvolvimento e avaliar se a PCR está relacionada ao nível SE nesse cenário. MÉTODOS: Oitenta e oito indivíduos de nível SE muito baixo foram recrutados de uma comunidade pobre, semi-rural no Brasil; 32 indivíduos de nível SE alto foram utilizados como amostra de compara��ão. A PCR de alta sensibilidade foi medida por nefelometria. RESULTADOS: Entre os indivíduos de baixo nível SE, os preditores independentes de PCR foram índice de massa corporal > 25 kg/m² (PFUNDAMENTO: Se ha descrito inflamación sistémica exacerbada en individuos de bajo nivel socioeconómico, con todo, estudios sobre determinantes de los valores de proteína C reactiva sólo se han realizado en países desarrollo. OBJETIVO: Identificar predictores de PCR en individuos de bajo nivel SE en un país en desarrollo y evaluar si la PCR está relacionada al nivel SE en ese escenario. MÉTODOS: Se reclutaron ochenta y ocho individuos de nivel SE muy bajo de un comunidad pobre, semi-rural en Brasil, se utilizaron 32 individuos de nivel SE alto como muestra de comparación. La PCR de alta sensibilidad se midió por nefelometría. RESULTADOS: Entre los individuos de bajo nivel SE, los predictores independientes de PCR fueron índice de masa corporal > 25 kg/m² (PBACKGROUND: Low socioeconomic (SE status has been associated to inflammation and predictors of C-reactive protein (CRP have been investigated by studies performed in developed countries. This study aimed to identify predictors of CRP in individuals of very low SE level in a developing country and evaluate whether CRP is related to SE status in this scenario. OBJECTIVE: Eight

  15. Tendência da mortalidade relacionada à paracoccidioidomicose, Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2005: estudo usando causas múltiplas de morte Paracoccidioidomycosis-related mortality trend, state of São Paulo, Brazil: a study using multiple causes of death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Hasiak Santo

    2008-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a mortalidade relacionada à paracoccidioidomicose informada em qualquer linha ou parte do atestado médico da declaração de óbito. MÉTODOS: Os dados provieram dos bancos de causas múltiplas de morte da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE de São Paulo entre 1985 e 2005. Foram calculados os coeficientes padronizados de mortalidade relacionada à paracoccidioidomicose como causa básica, como causa associada e pelo total de suas menções. RESULTADOS: No período de 21 anos ocorreram 1 950 óbitos, sendo a paracoccidioidomicose a causa básica de morte em 1 164 (59,7% e uma causa associada de morte em 786 (40,3%. Entre 1985 e 2005 observou-se um declínio do coeficiente de mortalidade pela causa básica de 59,8% e pela causa associada, de 53,0%. O maior número de óbitos ocorreu entre os homens, nas idades mais avançadas, entre lavradores, com tendência de aumento nos meses de inverno. As principais causas associadas da paracoccidioidomicose como causa básica foram a fibrose pulmonar, as doenças crônicas das vias aéreas inferiores e as pneumonias. As neoplasias malignas e a AIDS foram as principais causas básicas estando a paracoccidioidomicose como causa associada. Verificou-se a necessidade de adequar as tabelas de decisão para o processamento automático de causas de morte nos atestados de óbito com a menção de paracoccidioidomicose. CONCLUSÕES: A metodologia das causas múltiplas de morte, conjugada com a metodologia tradicional da causa básica, abre novas perspectivas para a pesquisa que visa a ampliar o conhecimento sobre a história natural da paracoccidioidomicose.OBJECTIVE: To investigate mortality in which paracoccidioidomycosis appears on any line or part of the death certificate. METHODS: Mortality data for 1985-2005 were obtained from the multiple cause-of-death database maintained by the São Paulo State Data Analysis System (SEADE. Standardized mortality coefficients were

  16. Fatores determinantes dos níveis de hemoglobina em crianças aos 12 meses de vida na Zona da Mata Meridional de Pernambuco Determinant factors of haemoglobin levels in 12 months old infants in the South of the Zona da Mata of Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia V. M. de S. Lima

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores determinantes dos níveis de hemoglobina de crianças aos 12 meses de vida, em quatro municípios da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. MÉTODOS: estudo transversal, realizado em uma sub-amostra de 245 lactentes, pertencentes a uma coorte de 652 crianças. A coleta de dados foi realizada no período de janeiro a agosto de 1999. RESULTADOS: a prevalência de anemia foi de 73,2%, sendo a média de hemoglobina de 9,8 g/dL (DP = 1,6 g/dL. A análise de variância apresentou uma associação estatisticamente significante entre níveis de hemoglobina e escolaridade materna, posse de televisão no domicílio, peso ao nascer, duração do aleitamento materno exclusivo, ocorrência de diarréia e estado nutricional segundo os índices peso/idade e comprimento/idade. A análise de regressão linear múltipla mostrou que as condições socioeconômicas, o peso ao nascer, a duração do aleitamento materno exclusivo e a ocorrência de diarréia tiveram um impacto significante na variação dos níveis de hemoglobina. CONCLUSÕES: os resultados confirmam ser a anemia um relevante problema de saúde pública, especialmente em lactentes, tendo múltiplos fatores que contribuem para o seu surgimento, sendo necessário, portanto, identificar os mais importantes para serem levados em consideração nos programas de saúde da criança.OBJECTIVES: to evaluate factors determining hemoglobin levels in 12 months old infants living in four small towns located in the South of Pernambuco. METHODS: a cross-sectional study conducted in a sub-sample of 245 infants belonging to a cohort of 652 children. Data collection was performed from January to August 1999. RESULTS: the prevalence of anemia was 73.2% and mean hemoglobin level 9.8 g/dL (SD = 1.6 g/dL. Variance analysis indicated a significant association between hemoglobin levels and maternal education, absence of a television set at home, birth weight, duration of exclusive breast

  17. La mortalidad infantil y la mortalidad materna en el siglo XXI

    OpenAIRE

    Aguirre, Alejandro

    2009-01-01

    La mortalidad infantil y la mortalidad materna han sido reducidas de manera sustancial en los países desarrollados, por lo cual en esas naciones la mortalidad tiende a concentrarse en las edades avanzadas de las poblaciones. Sin embargo, en países como México no está ocurriendo un avance relevante en la disminución de la mortalidad infantil y materna, pues a pesar de los notables progresos conseguidos en ese sentido durante las décadas recientes, para seguir avanzando se requieren fuertes inv...

  18. Fatores de risco para a mortalidade perinatal no Recife, Pernambuco, Brasil, 2003 Risk factors for perinatal mortality in Recife, Pernambuco State, Brazil, 2003

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha de Almeida Aquino

    2007-12-01

    Full Text Available Foi realizado estudo caso-controle com o objetivo de analisar os fatores de risco associados à mortalidade perinatal no Recife, Pernambuco, Brasil, 2003, de acordo com um modelo hierarquizado de determinantes proximais, intermediários e distais. Foram considerados casos os óbitos perinatais com peso ao nascer igual ou superior a 500g, de gravidez única e não portador de anencefalia. Os controles foram os nascidos vivos entre 26 de dezembro de 2002 e 31 de dezembro de 2003, que não evoluíram para o óbito até seis dias completos de vida, com as mesmas características dos casos. Com o linkage entre o banco de dados do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e o de óbitos perinatais, obtiveram-se 403 casos e 1.612 controles. Após regressão logística múltipla, com a inclusão de variáveis dos três níveis de determinação, constituíram-se fatores de risco para mortalidade perinatal: a prematuridade (OR = 18,23, o baixo peso ao nascer (OR = 4,90, a idade da mãe igual a ou maior que 35 anos (OR = 1,97, o nascimento em hospitais participantes do Sistema Único de Saúde (OR = 1,93 e a escolaridade da mãe inferior a quatro anos de estudo (OR = 1,78.The aim of this study was to identify and analyze risk factors for perinatal mortality in Recife, Pernambuco State, Brazil, in 2003, using a multilevel hierarchical model. In this case-control study, cases consisted of all perinatal deaths in 2003 in singleton infants with birth weight > 500g and without congenital malformations. The controls were live births from December 26, 2002, to December 31, 2003, with the same characteristics as the study group, but who survived > 6 days. By using record linkage techniques, 403 cases and 1,612 controls were obtained. All variables, when submitted jointly to multiple logistic regression, showed statistical significance in decreasing order of risk, as follows: prematurity (OR = 18.23, low birth weight (OR = 4.90, maternal age > 35 (OR = 1

  19. Visualização dos padrões de variação da taxa de mortalidade infantil no Rio Grande do Sul, Brasil: comparação entre as abordagens Bayesiana Empírica e Totalmente Bayesiana Patterns of variation in the infant mortality rate in Rio Grande do Sul State, Brazil: comparison of empirical Bayesian and fully Bayesian approaches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Letícia Couto da Silva

    2011-07-01

    Full Text Available A mortalidade infantil é um sensível indicador de saúde. Conhecer o seu perfil geográfico auxilia na formulação de estratégias de saúde pública. O mapeamento de doenças tem por objetivo descrever a distribuição geográfica das taxas de mortalidade ou incidência de doenças por intermédio de mapas. Em razão da alta instabilidade das taxas brutas quando há pequenas áreas, utilizam-se os métodos de suavização bayesiana, que se valem de informações de toda a região ou da vizinhança para estimar as taxas. O artigo faz a comparação entre os métodos Bayesiano Empírico e Totalmente Bayesiano para as taxas de mortalidade infantil (dados acumulados de 2001 a 2004 no Rio Grande do Sul, Brasil. O trabalho aponta as vantagens do uso dos estimadores bayesianos na visualização espacial dos mapas. Os métodos Bayesianos Empíricos apresentaram resultados muito semelhantes aos dos métodos Totalmente Bayesianos e possuem a grande vantagem de ser de fácil utilização por profissionais da área de saúde, destacando igualmente os principais padrões espaciais da taxa de mortalidade no Rio Grande do Sul no período estudado.Infant mortality is considered a sensitive health indicator, and knowledge of its geographical profile is essential for formulating appropriate public health policies. Disease mapping aims to describe the geographical distribution of disease incidence and mortality rates. Due to the heavy instability of crude rates in small areas, methods involving Bayesian smoothing of rates are used, drawing on information for the whole area or neighborhood to estimate the event rate. The current study compares empirical Bayesian (EB and fully Bayesian (FB methods for infant mortality rates (accumulated data from 2001 to 2004 in Rio Grande do Sul State, Brazil. This study highlights the advantages of Bayesian estimators for viewing and interpreting maps. For the problem at hand, EB and FB methods showed quite similar results and

  20. Determinantes do Nível de Conformidade das Evidenciações Relativas ao CPC 27 em Empresas do Novo Mercado da Bm&Fbovespa = Determinants of the Conformity Level of Evidences Related to the Disclosure CPC 27 in Companies of the New BM&FBOVESPA Market

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Itzhak David Simão Kaveski

    2015-04-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo identificar os fatores que explicam o nível de divulgação relativo ao CPC 27 – Ativo Imobilizado, por empresas listadas no segmento do Novo Mercado de Governança Corporativa da BM&FBovespa, considerando como seus prováveis determinantes as variáveis tamanho, imobilizado total, endividamento e rentabilidade do imobilizado. O estudo caracteriza-se como descritivo, conduzido por meio de análise documental e abordagem quantitativa. A população é composta de 109 empresas em 2011, abrangendo uma amostra de 106 empresas. Para coleta dos dados foi elaborado um check list composto de 17 itens baseados no Pronunciamento Técnico CPC 27. A técnica de análise, buscando alcançar a proposta de pesquisa, deu-se por meio de regressão linear múltipla. Nos resultados encontrados, verificou-se uma relação positiva significativa entre o ativo imobilizado das empresa e o índice de evidenciação, verificado pelos itens correspondentes aos requisitos mencionados no CPC 27. No que tange às variáveis determinantes do processo de evidenciação, verificou-se que “Imobilizado” está positivamente associado à divulgação de informações sobre ativo imobilizado. Já a “Rentabilidade” está negativamente associada à divulgação. Não se verificou associação significante entre “Endividamento” e “Tamanho” com a divulgação de informações sobre imobilizado. É necessário considerar, ainda, o baixo fator explicativo das variáveis determinantes da evidenciação recomendada pelo CPC 27 e a necessidade de se estender a investigação dentro do tema, possibilitando comparações e extração de novas evidências conclusivas. This article aims at identifying the factors that explain the level of disclosure concerning the CPC 27 - Fixed Assets, for companies listed on the New Market segment of Corporate Governance of BM&FBovespa. The probable determinants are considered the size variations, the

  1. Determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas em hospitais em localidade da região Nordeste do Brasil Determinants of iduced abortion among poor women admitted to hospitals in locality of the region northeast Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Fonseca

    1996-02-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar os determinantes do aborto provocado entre mulheres admitidas por complicações decorrentes dos abortos, nos hospitais-maternidades públicos em Fortaleza, CE (Brasil foram entrevistadas 4.359 pacientes entre 1º de outubro de 1992 e 30 de setembro de 1993. Os dados foram coletados através de questionário estruturado. São apresentados os determinantes dos abortos provocados em 2.084 (48% mulheres classificadas como tendo induzido aborto. Dois terços (66% das mulheres relataram a indução do aborto com o uso isolado do Cytotec(R (misoprostol ou associado a outro meio abortivo. Os resultados indicam que, na população estudada, a indução do aborto é prática comum entre jovens, solteiras (ou que vivem sem um parceiro estável, de baixa paridade, com escolaridade incipiente e não-usuárias de métodos contraceptivos. Recomenda-se a realização de estudos que investiguem os conhecimentos relacionados a percepções, conceitos culturais do aborto, e às razões por que mulheres pobres fracassam na adoção de métodos de planejamento familiar.In Brazil, abortion is legally allowed only when it is necessary to save a woman's life or when pregnancy has occurred following rape. Despite this law, iduced abortion is widely carried out. This study presents the findings as to the determinants of 2,084 abortions admitted to two major obstetric hospitals in Fortaleza, Brazil, between October 1992 and September 1993. Most of these women (2,074 have admitted an attempt to terminate pregnancy and 10 women were classified as induced abortion cases based on the findings of signs of intervention such as cervical laceration, perforation or foreign bodies in the vagina or uterus. The study findings indicate that self-administration of medicines plays an important role in terminating pregnancy. Among the 2,074 women who admitted to terminating the pregnancy 66% reported using misoprostol to induce abortion. Misoprostol, a

  2. Fatores Determinantes da Competitividade Internacional da Indústria de Papel de Imprimir e Escrever sob a Ótica da Cadeia de ValorDeterminant factors in the international industry of printing and writing paper on a value chain perspectiveFactores Determinantes de la Competitividad Internacional de la Industria de Papel de Imprimir y Escribir bajo la Óptica de la Cadena de Valor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA, Christian Luiz da Silva

    2004-01-01

    Full Text Available RESUMOA indústria de papel e celulose convive com questões de adequação da oferta à demanda que influenciam na tomada de decisão em vários elos da cadeia produtiva. A necessidade de aumento da capacidade de produção gera uma demanda por altos investimentos. Entretanto, a pressão por baixos custos requer novos investimentos em tecnologia, normalmente associados ao processo e ao produto. Com isso desenvolvem-se grandes corporações, mas que são vulneráveis ao mercado e com baixa capacidade de influenciá-lo. Na busca de compreender a dinâmica desse mercado e quais os fatores que determinam a sua competitividade, deve-se analisar como se agrega valor nesse tipo de indústria. O objetivo deste estudo foi analisar os fatores que determinam a competitividade internacional do segmento de imprimir e escrever a partir da análise comparativa da cadeia de valor das principais empresas mundiais e brasileiras deste segmento. Conclui-se, preliminarmente, que uma diferenciação essencial na agregação de valor está localizada na distribuição do produto consolidado a partir de um processo de internacionalização que permita avançar no objetivo de inovar, introduzindo-se em novos mercados, ou por meio de cooperações na cadeia que possibilitem criar novas formas de organização. Mais do que processos ou produtos, as empresas brasileiras devem preocupar-se com a forma de se organizarem e venderem seus produtos, vinculando isto a um projeto de internacionalização que efetivamente garanta ao consumidor final, presente em outro país, a percepção de um valor agregado ao produto brasileiro.ABSTRACTThe pulp and paper industry faces problems trying to match supply with demand, and that affects the decision-making process to be made in the several steps of the production chain. The need of increasing production creates high investment demands. However, the pressure towards low costs requires new investments in technologies, generally

  3. Impacto das ações de imunização pelo Programa Saúde da Família na mortalidade infantil por doenças evitáveis em Olinda, Pernambuco, Brasil Impact of immunization measures by the Family Health Program on infant mortality from preventable diseases in Olinda, Pernambuco State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Rocha Guimarães

    2009-04-01

    Full Text Available Este artigo aborda o impacto do Programa Saúde da Família (PSF na saúde infantil no Município de Olinda, Pernambuco, Brasil, por meio da avaliação da vacinação e mortalidade infantil por causas evitáveis. Realizou-se um estudo de série temporal com os dados dos principais sistemas de informação em saúde, usando-se a análise dos indicadores ex-ante e ex-post da implantação do PSF, em 1995. A variável independente foi o ano de nascimento relacionado com grau de cobertura da população pelo PSF. Analisou-se três períodos: 1990/1994 (anterior, 1995/1996 (implantação: cobertura de 0% a 30%, 1997/2002 (intervenção: cobertura de 38,6% a 54%. A tendência dos indicadores foi analisada pela regressão linear simples, sendo testada a significância pelo teste t. No período de implantação houve aumento de todas as médias das coberturas vacinais (176% BCG, 223% pólio, 52% DPT, 61% sarampo e redução da mortalidade infantil por causas evitáveis (12,7 óbitos/ano, mesmo não havendo diminuição da pobreza absoluta no município ou aumento das coberturas das redes públicas de saúde nem de esgotamento. A melhoria nos indicadores demonstra a efetividade das ações do PSF no município.This article analyzes the impact of the Family Health Program (FHP on infant health in Olinda, Pernambuco State, Brazil, evaluating immunization and infant mortality from vaccine-preventable diseases. A time-series study was conducted with data from the principal health information systems, analyzing indicators before and after implementation of the FHP in 1995. The independent variable was year of birth, related to degree of population coverage by the FHP. Three periods were analyzed: 1990-1994 (prior, 1995-1996 (implementation phase: 0 to 30% coverage, and 1997-2002 (intervention: coverage of 38.6% to 54%. Trends in the indicators were analyzed by simple linear regression, testing significance with the t test. During the implementation period

  4. Causas externas e mortalidade materna: proposta de classificacao

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mercia Maria Rodrigues Alves

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os óbitos por causas externas e causas mal definidas em mulheres em idade fértil ocorridos na gravidez e no puerpério precoce. MÉTODOS: Foram estudados 399 óbitos de mulheres em idade fértil de Recife, PE, de 2004 a 2006. A pesquisa utilizou o método Reproductive Age Mortality Survey e um conjunto de instrumentos de investigação padronizados. Foram usados como fontes de dados laudos do Instituto Médico Legal, prontuários hospitalares e da Estratégia Saúde da Família e entrevistas com os familiares das mulheres falecidas. Óbitos por causa externa na gravidez foram classificados de acordo com a circunstância da morte usando-se o código O93 e calculadas as razões de mortalidade materna antes e depois da classificação. RESULTADOS: Foram identificados 18 óbitos na presença de gravidez. A maioria das mulheres tinha entre 20 e 29 anos, de quatro a sete anos de estudo, eram negras, solteiras. Quinze óbitos foram classificados com o código O93 como morte relacionada à gravidez (13 por homicídio - O93.7; dois por suicídio - O93.6 e três mortes maternas obstétricas indiretas (uma homicídio - O93.7 e duas por suicídio - O93.6. Houve incremento médio de 35,0% nas razões de mortalidade materna após classificação. CONCLUSÕES: Os óbitos por causas mal definidas e no puerpério precoce não ocorrem por acaso e sua exclusão dos cálculos dos indicadores de mortalidade materna aumentam os níveis de subinformação.

  5. Saúde Ambiental e Atenção Primária à Saúde nos microterritórios: a taxa de mortalidade infantil para subsidiar a atuação da equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Herling Gregorio Aguilar Alonzo

    2013-06-01

    Full Text Available Nos últimos 20 anos, o Sistema Único de Saúde no Brasil vem avançando no aprimoramento da atenção primaria e da vigilância em saúde ambiental. No País, também, melhorou a cobertura do saneamento básico. Mas existem iniquidades macrorregionais e são escassas as informações sobre os microterritórios, onde as ações básicas de saúde se concretizam. Descrever a influência das coberturas do sistema de abastecimento de água (SAA, esgotamento sanitário (ES e coleta de resíduos sólidos domiciliares (CRSD na taxa mortalidade infantil (TMI nas áreas de abrangência das unidades básicas de saúde (UBS do Distrito de Saúde Noroeste de Campinas-SP. Foi conduzido estudo ecológico com dados secundários referentes a 2000. As coberturas nas oito UBS: do SAA variou entre 96,3 %, de Valença, e 99,9 % de Integração; de ES entre 67 %, de Ipaussurama e 99,8 % de Integração; da CRSD entre 95,8 % de Florence e 99,9 % de Perseu e Integração. A TMI variou entre 5,5 ‰, na UBS Perseu e 22,9 ‰ Floresta. Observou-se que existe relação inversa, quanto maior a cobertura do SAA (R2=0,73, de ES (R2=0,78 e da CRSD (R2= 0,95 menor a TMI nas UBS. Além de outros fatores, o saneamento básico determina o processo saúde doença da população e conforme os achados, existem iniquidades também nos microterritórios de abrangência das UBS que devem ser consideradas pelos gestores e profissionais de saúde, principalmente, da atenção primária na pactuação das prioridades, ações e metas para atenção integral e vigilância em saúde e atuação intersetorial.

  6. Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no Paraná, Brasil: o que devemos fazer para enfrentar a escassez de órgãos? Analysis of liver waiting list mortality in Paraná, Brazi: what shall we do to face organ shortage?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Silveira

    2012-06-01

    Full Text Available RACIONAL: O transplante hepático é a melhor modalidade terapêutica para pacientes em estágio final de doença hepática. Minimização de morte, enquanto se espera o procedimento, envolve priorização de acordo com o estado clínico e a alocação adequada de fígados de doadores. OBJETIVO: Análise da mortalidade na lista de espera de fígado no estado do Paraná, PR, Brasil. MÉTODOS: Foram analisados ​​os dados sobre todos os pacientes (n = 65 que foram registrados na lista de espera de fígado durante um período de 32 meses. RESULTADOS: A morte em lista de espera foi de 41,5% (n = 27. Nenhuma diferença estatística foi observada em relação aos MELD / MELD-Na entre o grupo que faleceu (19,88 / 21,6 e não morreu (17,28 / 19,47. MELD-Na previu maior mortalidade, especialmente no subgrupo de pacientes com gravidade intermediária da doença (classe B previsto pelo escore de CTP. CONCLUSÃO: É crítica a escassez de doadores de órgãos nessa região e a taxa de mortalidade em lista de espera excede em muito o risco inerente de um transplante de fígado, especialmente entre pacientes com MELD mais baixos. É desejável a utilização de um protocolo agressivo de doadores com critérios expandidos, split liver e transplante de doador vivo.BACKGROUND: Orthotopic liver transplantation is the best therapeutic modality for patients with end stage of liver disease. Minimization of death, while waiting for the procedure, involves accurate priorization according to clinical status and appropriate allocation of donor livers. AIM: The mortality analysis in the liver waiting list in Paraná state, PR, Brazil. METHODS: Were analyzed the data on all patients (n=65 who were registered on the liver waiting list during a 32 months period in the state of Paraná, southern Brazil. RESULTS: The death rated in waiting list was 41,5% (n=27. No statistic difference was observed regarding the MELD/MELD-Na scores between the group who died (19,88/21,6 and

  7. Mortality among Guarani Indians in Southeastern and Southern Brazil Mortalidade indígena Guarani no Sul e Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrey Moreira Cardoso

    2011-01-01

    ,6% foram elevadas. As principais causas de morte foram as respiratórias (40,6% e as infecciosas e parasitárias (18,8%, sugerindo precárias condições de vida e de organização dos serviços de saúde. Há necessidade de maiores investimentos na atenção primária e em intervenções sobre os determinantes sociais da saúde, a fim de reduzir as iniquidades reveladas.

  8. Evolução da mortalidade por causas evitáveis e expansão dos recursos municipais de saúde em Maringá, Paraná Evolution of mortality from avoidable causes and expansion of municipal health resources in a Southern Brazilian city

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria José Scochi

    1999-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a evolução do perfil da mortalidade por doenças evitáveis, em Maringá, PR, relacionando-o à qualidade de assistência á saúde. MÉTODOS: A partir da proposição de estudos de resultado da assistência foram selecionadas 11 causas de mortes. À evolução dos óbitos foi associada a evolução dos recursos disponíveis, bem como ao grau de escolarização e saneamento básico, no período de 1983-1993. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Os dados revelaram que as taxas de mortalidade da maioria das causas evitáveis tenderam ao declínio, com uma redução de 39%, em contraposição a 16% das demais. Observou-se uma melhora das condições de escolarização e de saneamento. A evolução positiva das condições gerais da população dificulta atribuir imediatamente aos serviços a responsabilidade sobre o declínio das mortes evitáveis, mas a diferença entre estas mortes e as demais permite inferir que, se diante de condições satisfatórias de vida ocorresse um recrudescimento desses indicadores, poder-se-ia constatar uma falta de efetividade dos serviços. A constatação do arrefecimento dos indicadores pode fazer supor que a expansão dos serviços auxiliou no declínio.OBJECTIVE: An assessment of the evolution of the profile of mortality from avoidable diseases, in the municipality of Maringá, PR (Brazil, 1980 through 1993, as related to the quality of health attendance. METHODS: Based on the proposal to study caregiving results, eleven causes of avoidable deaths were selected. The evolution of resources available, level of schooling and sanitation were associated with the evolution of mortality. RESULTS AND DISCUSSION: The data revealed that the mortality rates for most of the avoidable causes tended to decline faster than those for other causes (a reduction of 39% as against 16%. A significant improvement in schooling and sanitary conditions was also observed over the same period. The positive evolution of the general

  9. Métodos de avaliação da fadigabilidade muscular periférica e seus determinantes energético-metabólicos na DPOC Methods for the assessment of peripheral muscle fatigue and its energy and metabolic determinants in COPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafaella Rezende Rondelli

    2009-11-01

    Full Text Available Está bem estabelecido que, além do acometimento pulmonar, a DPOC apresenta consequências sistêmicas que podem convergir para a disfunção muscular periférica, com maior fadigabilidade muscular, menor tolerância ao exercício e menor sobrevida nesses pacientes. Tendo em vista as repercussões negativas da fadiga muscular precoce na DPOC, esta revisão teve como objetivo discutir os principais achados da literatura relacionados aos seus determinantes metabólicos e bioenergéticos e suas repercussões funcionais, bem como seus métodos de identificação e de quantificação. O substrato anatomofuncional da maior fadigabilidade muscular na DPOC parece incluir a redução dos níveis de fosfatos de alta energia, a redução da densidade mitocondrial, a lactacidemia precoce, o aumento da amônia sérica e a perfusão muscular reduzida. Essas alterações podem ser evidenciadas por falência de contração, redução da taxa de disparo das unidades motoras e maior recrutamento de unidades motoras numa dada atividade, exteriorizando-se funcionalmente por redução da força, potência e resistência musculares. Esta revisão mostra também que diversos tipos de regimes contráteis e protocolos têm sido utilizados com o intuito de detectar fadiga nessa população. A partir de tais conhecimentos, estratégias reabilitadoras podem ser traçadas visando o aumento da resistência à fadiga muscular nessa população.It has been well established that, in addition to the pulmonary involvement, COPD has systemic consequences that can lead to peripheral muscle dysfunction, with greater muscle fatigue, lower exercise tolerance and lower survival in these patients. In view of the negative repercussions of early muscle fatigue in COPD, the objective of this review was to discuss the principal findings in the literature on the metabolic and bioenergy determinants of muscle fatigue, its functional repercussions, as well as the methods for its

  10. Salud y mortalidad infantil en Brasil

    OpenAIRE

    Denisard Alves; Walter Belluzzo

    2005-01-01

    (Disponible en idioma inglés únicamente) La salud infantil es un aspecto fundamental del programa de políticas públicas de los países en desarrollo. A lo largo de los años se han puesto en práctica numerosas políticas destinadas al mejoramiento de la salud infantil, con diversos grados de éxito. En Brasil, dichas políticas han llevado a una disminución considerable de los niveles de mortalidad infantil durante los últimos 30 años. Sin embargo, a pesar de esa mejora, las tasas de mortalidad si...

  11. Determinantes da implantação de um programa de segurança e saúde no trabalho Determinants in an occupational health and safety program implementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Cristina Lima Chaves

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar preditores da implantação de um programa de saúde e segurança no trabalho (PSST que integra a vigilância à saúde do trabalhador com a segurança no trabalho, envolvendo a participação de técnicos, empresários e trabalhadores. MÉTODO: Neste estudo de desenho ecológico, foram estudadas empresas atendidas pelo PSST do Serviço Social da Indústria (SESI no Estado da Bahia, selecionadas aleatoriamente, durante o ciclo entre 2005 e 2006. Os dados foram coletados em entrevistas com informantes chaves da empresa e relatórios técnicos do SESI. Com regressão linear múltipla, analisaram-se os fatores e subdimensões impulsionadores do PSST para a empresa, os trabalhadores e a equipe técnica do PSST. RESULTADOS: Das 78 empresas selecionadas (3 384 trabalhadores, 24,4% haviam alcançado a implantação do PSST em grau avançado; 53,8% em grau intermediário; e 19,3% em grau incipiente. Fatores da empresa, dos trabalhadores e da equipe técnica se associaram positivamente ao grau de implantação do PSST (P OBJECTIVE: To identify predictors for the degree to which a program that integrates occupational health surveillance with labor safety, and involves occupational health/ safety specialists, company management, and employees, is implemented. METHOD: This ecological study evaluated companies implementing the occupational health and safety program (OHSP proposed by the state of Bahia's regional department of Serviço Social da Indústria (Social Services for Industry, SESI during the 2005-2006 cycle. The companies that participated were randomly selected. Data were collected through interviews with key contacts within the companies and from technical reports issued by SESI. Multiple linear regression was used to identify factors related to the company, employee, occupational/safety specialist, and any subdimensions that might promote OHSP implementation. RESULTS: Of the 78 companies selected (3 384 employees, the

  12. Tendência da mortalidade relacionada à doença de Chagas, Estado de São Paulo, Brasil, 1985 a 2006: estudo usando causas múltiplas de morte Chagas disease-related mortality trends, state of São Paulo, Brazil, 1985 to 2006: a study using multiple causes of death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Augusto Hasiak Santo

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a tendência da mortalidade relacionada à doença de Chagas informada em qualquer linha ou parte do atestado médico da declaração de óbito. MÉTODOS: Os dados provieram dos bancos de causas múltiplas de morte da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados de São Paulo (SEADE entre 1985 e 2006. As causas de morte foram caracterizadas como básicas, associadas (não-básicas e total de suas menções. RESULTADOS: No período de 22 anos, ocorreram 40 002 óbitos relacionados à doença de Chagas, dos quais 34 917 (87,29% como causa básica e 5 085 (12,71% como causa associada. Foi observado um declínio de 56,07% do coeficiente de mortalidade pela causa básica e estabilidade pela causa associada. O número de óbitos foi 44,5% maior entre os homens em relação às mulheres. O fato de 83,5% dos óbitos terem ocorrido a partir dos 45 anos de idade revela um efeito de coorte. As principais causas associadas da doença de Chagas como causa básica foram as complicações diretas do comprometimento cardíaco, como transtornos da condução, arritmias e insuficiência cardíaca. Para a doença de Chagas como causa associada, foram identificadas como causas básicas as doenças isquêmicas do coração, as doenças cerebrovasculares e as neoplasias. CONCLUSÕES: Para o total de suas menções, verificou-se uma queda do coeficiente de mortalidade de 51,34%, ao passo que a queda no número de óbitos foi de apenas 5,91%, tendo sido menor entre as mulheres, com um deslocamento das mortes para as idades mais avançadas. A metodologia das causas múltiplas de morte contribuiu para ampliar o conhecimento da história natural da doença de Chagas.OBJECTIVES: To study mortality trends related to Chagas disease taking into account all mentions of this cause listed on any line or part of the death certificate. METHODS: Mortality data for 1985-2006 were obtained from the multiple cause-of-death database maintained by the São Paulo

  13. Elliptic Determinantal Processes and Elliptic Dyson Models

    Science.gov (United States)

    Katori, Makoto

    2017-10-01

    We introduce seven families of stochastic systems of interacting particles in one-dimension corresponding to the seven families of irreducible reduced affine root systems. We prove that they are determinantal in the sense that all spatio-temporal correlation functions are given by determinants controlled by a single function called the spatio-temporal correlation kernel. For the four families {A}_{N-1}, {B}_N, {C}_N and {D}_N, we identify the systems of stochastic differential equations solved by these determinantal processes, which will be regarded as the elliptic extensions of the Dyson model. Here we use the notion of martingales in probability theory and the elliptic determinant evaluations of the Macdonald denominators of irreducible reduced affine root systems given by Rosengren and Schlosser.

  14. Determinantes clínicos com influência no prognóstico da discectomia lombar: análise multifatorial Determinantes clínicos que influyen en el pronóstico de la disectomía lumbar: análisis multifactorial Clinical determinants' influence on lumbar discectomy prognosis: multi-factor analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Jorge Da Rocha Carvalho

    2010-03-01

    Full Text Available A seleção e o agendamento temporal inadequados dos pacientes permanecem as causas mais importantes de insucesso da cirurgia discal lombar. OBJETIVO: Este trabalho pretende avaliar os resultados clínicos e os factores preditivos que influenciam o prognóstico dos pacientes submetidos à discectomia lombar através de um modelo analítico multifatorial. MÉTODOS: Apresentamos uma série prospectiva de 68 pacientes com hérnias discais lombares que foram submetidos à discectomia entre 2003 e 2007. O seguimento médio foi de 3,9±0,1 anos. Os resultados clínicos foram avaliados utilizando o escore JOA (Japonese Orthopaedic Association Assessment Scoring System (JOA=29. RESULTADOS: Resultados pós-operatórios bom e excelente foram obtidos em 75% dos casos. Pacientes do sexo masculino e a preponderância de sintomas subjectivos sobre sintomas clínicos estiveram associados com os melhores resultados clínicos e com o retorno mais precoce à actividade laboral. O tempo de espera pela cirurgia não teve influência no resultado final. A necessidade de cirurgia foi questionada na ausência de défices neurológicos significativos (JOA para resultados clínicos >3/6. Um valor JOA pré-operatório >15 (debilidade inicial baixa está correlacionado com piores resultados clínicos pós-operatórios. CONCLUSÕES: O escore JOA é de fácil aplicação para clínicos e pacientes, uniformiza dados subjectivos e apresenta valor preditivo para os resultados dos pacientes submetidos à discectomia lombar.La selección y la agenda temporal inadecuada de los enfermos permanecen como las causas más importantes de la falta de éxito en la cirugía discal lumbar. OBJETIVO: este trabajo pretende evaluar los resultados clínicos y los factores predictivos que influyen en el pronóstico de los pacientes sometidos a la discectomía lumbar por medio de un modelo analítico multifatorial. MÉTODOS: se presenta una serie prospectiva de 68 pacientes con hernias discales

  15. Modelo para abordar integralmente la mortalidad materna y la morbilidad materna grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariel Karolinski

    2015-05-01

    Full Text Available La mortalidad materna es un importante problema de salud pública y de derechos humanos y refleja los efectos de los determinantes sociales sobre la salud de las mujeres. El conocimiento de la magnitud y las causas de las muertes maternas ha sido insuficiente para intervenir efectivamente en el alcance de los Objetivos de Desarrollo del Milenio. Por ello, se plantea un modelo para abordar integralmente la mortalidad materna, con siete campos: priorización y definición del problema, caracterización contextual, amplitud metodológica, gestión del conocimiento, innovación, implementación, y un sistema de monitoreo y evaluación. Este modelo permite abordar los problemas asociados con la mortalidad materna y la morbilidad materna grave mediante la integración, desde una perspectiva anticipatoria, de las complicaciones potencialmente fatales asociadas con el proceso reproductivo y su vigilancia. Se destaca la importancia de la gestión del conocimiento para la reorientación de políticas, programas y la atención sanitaria. Se debe mejorar la interacción y explotar las sinergias entre las personas, las comunidades y los actores del sistema de salud para potenciar los resultados de los programas sanitarios. Se requiere más información científica validada sobre la forma en que las intervenciones deben aplicarse en diferentes entornos. Para ello, es esencial fortalecer la articulación entre los centros de investigación, las agencias de cooperación y los organismos del Estado y su incorporación a las acciones programáticas y a la definición de una nueva agenda de salud de la mujer para la Región de las Américas.

  16. Mortalidad prematura por enfermedades infecciosas en España, 1908-1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirón Canelo José Antonio

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos. Las enfermedades infecciosas han sido tradicionalmente una de las principales causas de muerte en los países desarrollados. Los objetivos del presente trabajo consistieron en cuantificar la importancia de las enfermedades infecciosas como causa de muerte prematura en España entre 1908 y 1995, y conocer la frecuencia y distribución de las enfermedades infecciosas con mayor impacto sobre la mortalidad prematura. Métodos. El estudio se realizó a partir de los datos de mortalidad por causas infecciosas publicados por el Instituto Nacional de Estadística en el Movimiento Natural de la Población para el período en estudio. Se utilizan como indicadores de mortalidad prematura los años de vida potencial perdidos (AVPP, la tasa bruta de AVPP por 1 000 habitantes y el porcentaje y la media de AVPP. Resultados. Entre 1908 y 1995, el número y la tasa de AVPP por causas infecciosas experimentaron una evolución claramente descendente. El descenso fue más acusado a partir de los años 50 y se observó en todos los grupos de edad. La tuberculosis fue la primera causa de muerte prematura desde principios de siglo hasta los años 70. A partir de esta fecha toman el relevo las neumonías y el sida. Conclusiones. El impacto de las enfermedades infecciosas como determinantes de muerte prematura en España ha descendido a lo largo del siglo XX, sobre todo a partir de los años 70.

  17. Cirurgia de revascularização coronariana esquerda sem CEC e sem manuseio da aorta em pacientes acima de 75 anos: análise das mortalidades imediata e a médio prazo e das complicações neurológicas no pós-operatório imediato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Glauco LOBO FILHO

    2002-09-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A circulação extracorpórea (CEC e o manuseio da aorta ascendente (MAA estão associados a alta incidência de acidente vascular cerebral (AVC na cirurgia de revascularização do miocárdio (RM em pacientes idosos. Esta complicação deve-se, sobretudo, ao MAA, por ocasião do pinçamento e despinçamento, quer para isolamento do coração do circuito de CEC, quer para realização das anastomoses dos enxertos na aorta ascendente. OBJETIVOS: Verificar mortalidades imediata e a médio prazo e a ocorrência de AVC no pós-operatório imediato (POI em pacientes acima de 75 anos submetidos a cirurgia de revascularização do sistema coronariano esquerdo (SCE, sem CEC e sem MAA. MÉTODO: De janeiro de 2000 a abril de 2002, 40 pacientes acima de 75 anos (média 79,1 anos foram submetidos a cirurgia de revascularização do SCE, com enxerto de artéria torácica interna esquerda (ATIE para a artéria descendente anterior (DA, e enxerto(s de veia safena magna oriundo(s da ATIE para outro(s ramo(s da coronária esquerda (enxerto composto, sem CEC e sem MAA. Houve predominância do sexo masculino (67,5%. Foram realizados 89 enxertos (média 2,22 pontes por paciente, sendo 40 (44,94% de ATIE e 49 (55,06% de veia safena. A ocorrência de AVC foi avaliada por exames clínico e neurológico. RESULTADOS: Não foi observada ocorrência de AVC no grupo estudado. Não houve óbitos no POI. CONCLUSÃO: A cirurgia de revascularização do SCE em pacientes acima de 75 anos sem CEC e sem MAA pode ser realizada sistematicamente de modo a evitar a ocorrência de AVC, com baixa mortalidade.INTRODUCTION: Cardiopulmonary bypass (CPB and Ascending Aorta manipulation (AAM are associated with a high incidence of stroke in coronary surgery in patients older than 75 years. This complication is due, mostly, to the handling of the aorta by the time of the cross-clamping, either for heart isolation from CPB, or to perform saphenous vein graft anastomosis to the

  18. Determinantal spanning forests on planar graphs

    OpenAIRE

    Kenyon, Richard

    2017-01-01

    We generalize the uniform spanning tree to construct a family of determinantal measures on essential spanning forests on periodic planar graphs in which every component tree is bi-infinite. Like the uniform spanning tree, these measures arise naturally from the laplacian on the graph. More generally these results hold for the "massive" laplacian determinant which counts rooted spanning forests with weight $M$ per finite component. These measures typically have a form of conformal invariance, ...

  19. Statistical aspects of determinantal point processes

    DEFF Research Database (Denmark)

    Lavancier, Frédéric; Møller, Jesper; Rubak, Ege Holger

    The statistical aspects of determinantal point processes (DPPs) seem largely unexplored. We review the appealing properties of DDPs, demonstrate that they are useful models for repulsiveness, detail a simulation procedure, and provide freely available software for simulation and statistical...... inference. We pay special attention to stationary DPPs, where we give a simple condition ensuring their existence, construct parametric models, describe how they can be well approximated so that the likelihood can be evaluated and realizations can be simulated, and discuss how statistical inference...

  20. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas no Brasil, México e Chile no período 2001-2006 Determinants of the capital structure of publicly-traded companies in Brazil, Mexico and Chile in the period 2001-2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas Dias Bastos

    2009-08-01

    Full Text Available O presente estudo investiga os determinantes da estrutura de capital, utilizando a técnica de painel de dados estático, para uma amostra de 297 empresas, de diversos setores, pertencentes ao Brasil, México e Chile, no período entre 2001 e 2006, a fim de determinar a importância relativa dos fatores específicos da empresa. A partir de seis indicadores de nível de endividamento (contábil total e de curto e longo prazo, total a valor de mercado e financeiros onerosos de curto e longo prazo, foi evidenciado que os fatores específicos da firma: liquidez corrente, rentabilidade, market to book value e tamanho apresentaram os resultados mais significantes para a estrutura de capital das empresas dos três países. Dentre as quatro correntes teóricas analisadas (Trade off, Assimetria de informações, Pecking order e Agência, a teoria do Pecking order parece ser aquela que melhor explica os resultados obtidos para o Brasil e México. Para o Chile, além do Pecking order, a teoria do Trade off exerce forte influência sobre a estrutura de capital.The present study investigates the determinants of the capital structure, using the technique of static panel data, for a sample of 297 companies from several sectors in Brazil, Mexico and Chile, between 2001 and 2006, in order to determine the relative importance of the specific factors of the firm. Starting from six indicators of leverage ratio (total book-debt ratio, short-term and long-term book-debt ratio, total market-debt ratio and short-term and long-term financial-debt ratio, it was evidenced that the specific factors of the firm: current liquidity, profitability, market to book value and size presented the most significant results for the capital structure of the companies from the three countries. Among the four theoretical currents analyzed (Trade off, Asymmetry of information, Pecking order and Agency, the theory of Pecking order seems to be the one that best explains the results obtained

  1. Causas de mortalidad a consecuencia de la vejez en Jerez de los Caballeros (Badajoz, España en el siglo XIX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Javier Suárez Guzmán

    2015-04-01

    Conclusión. Las enfermedades relacionadas con el envejecimiento causaron 204 defunciones, el 1.1% del total de la mortalidad de la población durante el siglo XIX, correspondiendo a la decimosegunda causa de mortalidad en la población. La mayor mortalidad se da entre los 75 y 84 años con 85 defunciones (41.7%. Las mujeres presentan las cifras más elevadas: 128 fallecimientos (62.7%. Enero es el mes con más óbitos.

  2. Mortalidade por armas de fogo no estado do Rio de Janeiro, Brasil: uma análise espacial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Szwarcwald Célia Landman

    1998-01-01

    Full Text Available O aumento da mortalidade por armas de fogo no estado do Rio de Janeiro, Brasil, tem tomado um aspecto alarmante. O objetivo deste estudo foi caracterizar a evolução temporal da mortalidade por armas de fogo neste estado, no período de 1979 a 1992, conforme sexo, idade e região de residência (capital, cinturão metropolitano e interior do estado e estudar a propagação da epidemia ao longo do tempo e do espaço, com a utilização de técnicas de análise estatística espacial. No período analisado, a mortalidade por armas de fogo teve o seu maior crescimento entre adolescentes de 15 a 19 anos, do sexo masculino; estas taxas variaram de 13 a 16% para este grupo, conforme a região de residência. Para o grupo das crianças de 10 a 14 anos, a mortalidade por armas de fogo teve um acréscimo de 10% ao ano. Foi nítida a interiorização da mortalidade por armas de fogo. No início da série, observou-se uma direção preferencial de disseminação, ao longo dos municípios situados na costa leste do estado, acompanhando o trajeto de uma rodovia federal. Entre 1990 e 1992, entretanto, a difusão ocorreu em praticamente todas as direções. A constatação empírica da expansão generalizada da mortalidade por armas de fogo nega as afirmações corriqueiras de concentração da violência nos bolsões de pobreza das metrópoles brasileiras. Os programas para prevenir e controlar a epidemia devem abordar o problema sob diferentes aspectos, enfocando questões tanto no plano coletivo (proliferação de armas entre a população vinculada ao contrabando internacional de armas, aumento da criminalidade, expansão do tráfico de drogas e exclusão de oportunidades sociais, assim como no plano individual (relações e interações dos jovens com seu ambiente, em nível da família, da escola e da sociedade.

  3. Determinantes da experimentação do cigarro e do início precoce do tabagismo entre adolescentes escolares em Salvador (BA Determinants of smoking experimentation and initiation among adolescent students in the city of Salvador, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo de Souza Machado Neto

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores associados à experimentação do cigarro e ao início precoce do tabagismo por adolescentes escolares (11-14 anos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com adolescentes escolares (ensino fundamental e médio de escolas públicas e particulares de Salvador, Bahia. Foi utilizado um protocolo de amostragem em múltiplos estágios. Os participantes da pesquisa responderam a um questionário anônimo, de preenchimento voluntário e autoaplicável. As variáveis dependentes foram o uso experimental do cigarro e o início precoce do tabagismo. Variáveis sociodemográficas, educacionais, relacionadas à influência da mídia e ao consumo de álcool foram consideradas variáveis independentes. Foi realizada a análise de regressão logística multivariada, seguida da análise da adequação do modelo de regressão logística final. RESULTADOS: A prevalência de experimentação do cigarro foi de 16,1% (IC95%: 15,1-17,2. Dos 5.347 alunos avaliados, 757 experimentaram cigarros, e 462 (61,2% desses 757 o fizeram antes dos 15 anos de idade (média de idade de experimentação de cigarros, 13,9 ± 1,8 anos. O início precoce do tabagismo associou-se com o tabagismo paterno (OR = 1,53; IC83%: 1,07-2,19 e com a influência da mídia (OR = 2,43; IC83%: 1,46-4,04. A experimentação de cigarros associou-se com o consumo do álcool (OR = 6,04; IC83%: 4,62-7,88, o tabagismo de amigos (OR = 3,18; IC83%: 2,54-3,99 e de namorados (OR = 3,42; IC83%: 1,78-6,56, assim como a intervenção educacional agressiva/coercitiva dos pais (OR = 1,60; IC83%: 1,26-2,04. CONCLUSÕES: O consumo do álcool e a influência de pessoas da convivência do jovem apresentaram uma forte associação com a experimentação de cigarros. O tabagismo paterno e a influência da mídia para os produtos do tabaco aumentaram as chances de consumo desta substância.OBJECTIVE: To identify the factors associated with smoking experimentation and initiation

  4. Mortalidade infantil em duas coortes de base populacional no Sul do Brasil: tendências e diferenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menezes Ana M. B.

    1996-01-01

    Full Text Available Estudou-se a tendência temporal da mortalidade infantil através de dois estudos de coorte realizados em Pelotas, Rio Grande do Sul, em 1982 e 1993. Ambas coortes incluíram todos os nascimentos hospitalares e óbitos verificados através de visitas regulares aos hospitais, cartórios e cemitérios. As informações sobre a causa de morte foram obtidas através de entrevistas com pediatras, revisão do prontuário, necrópsias e entrevista com os pais das crianças. O coeficiente de mortalidade infantil caiu de 36,4 por mil nascidos vivos para 21,1 na década. As principais causas de mortalidade infantil em 1993 foram as perinatais, malformações congênitas, diarréia e infecções respiratórias. Crianças com baixo peso ao nascer apresentaram mortalidade 12 vezes maior do que crianças com peso adequado, e crianças pré-termo, duas vezes mais do que crianças com retardo de crescimento intra-uterino. Crianças de famílias com renda baixa (um salário mínimo apresentaram mortalidade sete vezes superior àquelas com renda alta (10 salários mínimos. A mortalidade de crianças de baixo peso ao nascer e alta renda familiar decresceu em 67%, contra apenas 36% para as de baixa renda. Conclui-se que, mesmo com uma queda expressiva da mortalidade infantil na década, persistem importantes desigualdades sociais.

  5. Relação do índice de massa corporal, da relação cintura-quadril e da circunferência abdominal com a mortalidade em mulheres idosas: seguimento de 5 anos Relationship between body mass index, waist circumference, and waist-to-hip ratio and mortality in elderly women: a 5-year follow-up study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos A. S. Cabrera

    2005-06-01

    Full Text Available Este estudo analisa a associação entre a relação cintura-quadril (RCQ, a circunferência abdominal (CA e o índice de massa corporal (IMC com a mortalidade total e cardiovascular em 575 mulheres idosas ambulatoriais por um seguimento de cinco anos. Os maiores quartis de RCQ, CA e IMC, bem como as categorias pré-determinadas de IMC, foram analisados como variáveis preditivas e analisada a interferência de algumas variáveis confundidoras. Oitenta e oito mulheres morreram durante o seguimento (15,4%. As mulheres com baixo peso (IMC 0,97 estava associado com a maior mortalidade total, entretanto, na análise multivariada o aumento de RCQ apresentou uma associação independente com a mortalidade total, apenas entre as mulheres de 60 a 80 anos. Nenhuma medida antropométrica apresentou uma associação significativa com a mortalidade cardiovascular. Os resultados identificaram o baixo peso e a RCQ como preditores de mortalidade total em idosas, principalmente entre as mulheres com até 80 anos.This study examines the association between body mass index (BMI, waist-to-hip ratio (WHR, and waist circumference (WC and all-cause and cardiovascular mortality in elderly women in a 5-year longitudinal study of 575 female outpatients 60 years and over. The highest BMI, WHR, and WC quartiles and predefined BMI categories were analyzed as predictive variables. Death occurred in 88 (15.4%. Underweight (BMI 0.97 was associated with all-cause mortality. However, after adjustment for age, smoking, and previous cardiovascular diseases, the increase in WHR was positively associated only in women from 60 to 80 years of age. None of the anthropometric measurements was associated with cardiovascular mortality. The results indicate that underweight and increased waist-to-hip ratio were predictors of all-cause mortality in elderly women, mainly among those under 80 years.

  6. Aspectos das práticas alimentares e da atividade física como determinantes do crescimento do sobrepeso/obesidade no Brasil Dietary and physical activity factors as determinants of the increase in overweight/obesity in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Pinheiro Mendonça

    2004-06-01

    Full Text Available Os dados acerca do sobrepeso/obesidade na população brasileira demonstram um crescimento na sua prevalência entre as décadas de 70 e 90. Os dois aspectos mais apresentados como relacionados a este quadro têm sido mudanças no consumo alimentar, com aumento do fornecimento de energia pela dieta e redução da atividade física, configurando um "estilo de vida ocidental contemporâneo". Este artigo tem por objetivo identificar e avaliar alguns indicadores que se correlacionam com mudanças nas práticas alimentares e de atividade física na população brasileira nos últimos trinta anos. Apesar da carência de dados detalhados, os fatores que podem estar contribuindo para o quadro em tela incluem: migração interna; alimentação fora de casa; crescimento na oferta de refeições rápidas; mudanças no trabalho; meios de deslocamento; e equipamentos domésticos. Faltam informações mais detalhadas sobre as práticas alimentares e o padrão de atividade física no Brasil, em associação a dados antropométricos, para uma melhor explicação dessa relação. Há necessidade de projetos e programas intersetoriais que tenham metas bem definidas e que garantam a adesão da população a um estilo de vida saudável na perspectiva do controle do crescimento da prevalência do sobrepeso/obesidade no país.Data from Brazilian national surveys conducted since the 1970s have indicated an increase in the prevalence of overweight/obesity. The two most frequently cited causes of this trend have been dietary changes and reduction in physical activity, characterizing a "contemporary Western lifestyle". The objective of this paper is to identify and assess some indicators associated with changes in eating habits and physical activity patterns in the Brazilian population in the last 30 years. Despite the lack of detailed data, the following factors appear to play an important role in the process: internal migration; dining out; increased consumption of

  7. Avaliação da qualidade das informações de mortalidade por acidentes não especificados e eventos com intenção indeterminada Evaluation of the quality of mortality information by unspecified accidents and events of undetermined intent in a metropolis of Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Drumond Jr

    1999-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As informações de mortalidade são importantes instrumentos para monitorar a violência, pois permitem a avaliação de perfis e tendências, e do impacto das intervenções voltadas para sua redução. Assim, foi avaliada a qualidade do preenchimento e codificação das declarações de óbito por acidentes não especificados e eventos com intenção indeterminada na cidade de São Paulo, no ano de 1996. MÉTODOS: Foram selecionadas, para investigação junto ao Instituto Médico Legal (IML, as declarações de óbitos referentes ao ano de 1996, codificadas como eventos com intenção indeterminada (CID-10: Y10-Y34 e acidentes não especificados (CID-10: X59. Após consulta aos boletins de ocorrência da polícia, que acompanham os corpos enviados ao IML, às conclusões dos laudos de necrópsia e às fichas de encaminhamento, as declarações de óbitos foram analisadas e a causa básica da morte recodificada. RESULTADOS: Foi possível definir o tipo de acidente em 53,2% dos casos, destacando-se os atropelamentos (15,1%, outros acidentes de trânsito (17,5% e as quedas (14,5%. Os homicídios e suicídios representaram 9,8%, sendo que em 20,9% não havia informações que permitissem considerá-los acidentais. Em relação aos eventos com intenção indeterminada, observou-se que para dois terços dos óbitos não houve esclarecimento. Nos demais, a causa básica da morte mudou para quedas (10,6%, homicídios (7,5% e atropelamentos (6,7%. CONCLUSÃO: A qualidade das informações de mortalidade por causas externas no Município de São Paulo não se mostrou satisfatória; o IML não utiliza todas as informações disponíveis no momento do preenchimento da declaração de óbito. A orientação para codificar como acidentes as declarações de óbito sem o preenchimento do tipo de causa externa não se mostrou adequada, pois 66,0% dos óbitos foram inferidos incorretamente como acidentais. A melhoria de qualidade das informa

  8. Efeito idade-periodo-coorte na mortalidade por cancer do colo uterino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina Cardoso Meira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o efeito da idade, período e coorte de nascimento na mortalidade por câncer do colo do útero. MÉTODOS: Foram analisados dados de mortalidade por câncer do colo do útero em mulheres ≥ 30 anos nos municípios do Rio de Janeiro, RJ, e São Paulo, SP, de 1980 a 2009. Os dados foram extraídos do Sistema de Informação Sobre Mortalidade. A variação percentual anual estimada foi calculada para os períodos de 1980-1994 e 1995-2009. O efeito da idade, período e coorte de nascimento foi calculado pelo modelo de regressão de Poisson, utilizando funções estimáveis: desvios, curvaturas e drift , por meio da biblioteca Epi do programa estatístico R versão 2.7.2. RESULTADOS: A taxa de mortalidade média do período por 100.000 mulheres foi 15,90 no Rio de Janeiro e 15,87 em São Paulo. Houve redução significativa na mortalidade por câncer do colo do útero nos dois períodos: no Rio de Janeiro, -1,20% (IC95% -2,20;-0,09 e -1,46% (IC95% -2,30;-0,61, e em São Paulo, -2,58% (IC95% -3,41;-1,76 e -3,30% (IC95% -4,30;-2,29. A análise da curvatura dos efeitos indicou tendência de redução do risco de morte nas sucessivas coortes (RR < 1 nas mulheres nascidas após a década de 1960. Observou-se redução acentuada no risco relativo (RR a partir dos anos 2000. CONCLUSÕES: O estudo evidenciou efeito de período na redução das taxas de mortalidade por câncer do colo do útero no período analisado, tendo em vista que houve efeito de proteção (RR < 1 a partir dos anos 2000 e nas mulheres nascidas após a década de 1960.

  9. Determining the level of public stocks: measurement in the capital of the member of the southern region of Brazil Determinantes do nível dos estoques públicos: mensuração nas capitais dos estados da região sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sérgio Almeida dos Santos

    2012-10-01

    setor público os investimentos em estoques precisam suprir as necessidades vigentes. Nesse contexto, o estudo teve como objetivo avaliar os níveis de estoques das prefeituras das capitais dos estados da Região Sul do Brasil, bem como os seus determinantes e evolução ao longo do tempo. Para atingir o objetivo geral proposto, a pesquisa pode ser classificada quanto aos seus objetivos como descritiva, no que tange ao procedimento documental e quanto à abordagem do problema, quantitativo. A amostra da pesquisa compreende as capitais dos estados da Região Sul do Brasil. Para o cálculo dos dados, foram aplicadas as fórmulas matemáticas preconizadas na Instrução Normativa nº 205/88. Os resultados sinalizam que ocorreram problemas referentes à falta de estoques nos almoxarifados das prefeituras. Tal problema possivelmente pode ser gerado em torno das saídas de mercadorias, tendo em vista questões de fins organizacionais das prefeituras. Portanto, as saídas de suprimentos aos diversos setores da administração municipal são registradas antecipadamente a entradas de suprimentos no almoxarifado, nos quais os materiais já estão devidamente alocados. Contudo, a visão de planejamento e estratégia na administração dos estoques públicos faz-se necessário, já que grandes são os custos em tornos dos estoques, para maximizar o valor do serviço público, afetando desse modo o oferecimento dos bens e serviços à população da região. 

  10. Mortalidade infantil e condições sociodemográficas no Ceará, em 1991 e 2000 Infant mortality and sociodemographic conditions in Ceará, Brazil, 1991 and 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gomes Bezerra Filho

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os modelos explicativos ecológicos para a taxa de mortalidade infantil no Ceará, em dois períodos distintos. MÉTODOS: Estudo ecológico transversal de dois anos censitários, 1991 e 2000, a partir de informações desagregadas por municípios do Ceará. Foram utilizadas as estimativas da taxa de mortalidade infantil do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Para os demais indicadores foram utilizadas diferentes fontes do Sistema de Informação de Saúde. Os principais fatores de risco foram encontrados empregando-se regressão linear múltipla. RESULTADOS: Para 1991, as variáveis preditoras da mortalidade infantil (R2=0,3575 nos municípios foram: proporção de residências pequenas (beta=0,0043; ro=0,010, de pessoas que vivem em domicílios com água encanada (beta=-0,0029; ro=0,024, de crianças de dez a 14 anos que trabalham (beta=0,0049; ro=0,017, de alfabetizados (beta=-0,0062; ro=0,031, taxa de urbanização (beta=0,0032; ro=0,004, taxa de fecundidade total (beta=0,0351; ro=0,024, chefes de família com renda mensal menor que meio salário mínimo (beta=0,0056; ro=0,000. Em 2000, os possíveis determinantes (R2=0,3236 foram: proporção de crianças menores de dois anos desnutridas (beta=0,0064; ro=0,024, de imóveis com esgotamento sanitário adequado (beta=-0,0024; ro=0,010, de despesa com recursos humanos da saúde em relação à despesa total em saúde (beta=-0,0024; ro=0,027, de valor da produção vegetal em relação ao total do estado (beta=-0,1090; ro=0,001, de mulheres alfabetizadas (beta=-0,0068; ro=0,044, intensidade da pobreza (beta=0,0065; ro=0,002 e índice de envelhecimento (beta=-0,0100; ro=0,006. CONCLUSÕES: Embora as variáveis não tenham sido exatamente as mesmas para os anos, percebeu-se tendência de mudança dos determinantes da mortalidade infantil, excetuando-se os indicadores de educação, renda e saneamento. A queda generalizada da fecundidade resultou na perda de seu poder

  11. Mortalidade perinatal em duas coortes de base populacional no Sul do Brasil: tendências e diferenciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Menezes Ana M. B.

    1996-01-01

    Full Text Available A evolução da mortalidade perinatal foi estudada em Pelotas, Rio Grande do Sul, através de dois estudos de coorte realizados em 1982 e 1993. Todos os nascimentos hospitalares e os óbitos foram monitorizados com visitas diárias aos hospitais. A causa da morte foi determinada através de informações do prontuário, entrevista com o pediatra e de necrópsias. O coeficiente de mortalidade perinatal sofreu uma redução de 31% na década. O sub-registro que era de 42,1% em 1982, foi de apenas 6,8% em 1993. Dentre as causas de mortalidade perinatal, houve uma redução em 1993 de 58% para óbitos fetais antepartum, 47% para imaturidade e 62% para outras causas. Os coeficientes para asfixia sofreram um aumento de 4,5/1.000 para 8,3/1.000. As meninas apresentaram um coeficiente de mortalidade perinatal menor do que os meninos. Os coeficientes de mortalidade perinatal conforme peso ao nascer e renda familiar sofreram importantes reduções, sendo que a mais notável foi para crianças de baixo peso e de famílias de renda alta, com uma queda de 68%. Assim como em 1982, os recém-nascidos pré-termo tiveram coeficientes três vezes mais elevados do que crianças pequenas para a idade gestacional. Apesar da queda dos índices de mortalidade na década, as diferenças entre os grupos sociais mantiveram-se grandes.

  12. Estudo da mortalidade de recém-nascidos internados na UTI neonatal do Hospital Geral de Caxias do Sul, Rio Grande do Sul Newborn mortality study in the neonatal intensive care unit of Caxias do Sul General Hospital, Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Breno Fauth de Araújo

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: conhecer as causas e variáveis relacionadas com o óbito de recém-nascidos (RN de uma UTI neonatal de referência na região Sul do Brasil. MÉTODOS: estudo descritivo envolvendo 2.247 RN acompanhados até a alta. Foram analisadas variáveis maternas, do RN e variáveis da gestação, parto e atendimento. Foi utilizada a análise univariada e a regressão logística múltipla para relacionar as variáveis estudadas com o óbito. RESULTADOS: ocorreram 184 óbitos, com uma letalidade de 8,2%. A mortalidade dos RN com peso 2.500g ou a termo. As variáveis relacionadas ao óbito foram o peso OBJECTIVES: to determine causes and variables related to newborn deaths of a neonate intensive care unite (ICU in the Southern region of Brazil. METHODS: a descriptive study involving 2.247 newborns followed up until discharge date. Maternal variables were analyzed, as well as of the newborn and pregnancy, delivery and medical assistance variables. Univariate analysis and multiple logistic regression were used to relate the variables studied with death occurrence. RESULTS: 184 deaths occurred, corresponding to a 8.2% lethality rate. Newborn mortality variables were the following: weight of 2.500g or born at pregnancy term. Death related variables were weight of <2.000 grams, Apgar at 5' <4, no prenatal medical care, the need of delivery room resuscitation procedures and mechanic ventilation during hospitalization. Deaths basic causes were malformations (25.6%, maternal hypertension (17.9% and maternal infections (12.0%. CONCLUSIONS: many of the deaths occurred because of the poor medical care offered to pregnant women and newborns, a challenge that need to be faced by neonatologists, obstetricians and the government.

  13. Comitês de prevenção da mortalidade infantil no Paraná, Brasil: implantação e operacionalização Committees for the prevention of infant mortality in the State of Paraná, Brazil: implementation and operation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nereu Henrique Mansano

    2004-02-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo relatar a experiência de implantação e funcionamento dos Comitês de Prevenção da Mortalidade Infantil no Estado do Paraná, Brasil, apresentando as estratégias de operacionalização, composição e fluxo dos três níveis: estadual, regional e municipal. Para a efetiva implantação dessa proposta, foi necessário preparar profissionais para investigar o óbito infantil e, portanto, foram realizados treinamentos de Multiplicadores para Investigação dos Óbitos Infantis. Em dois anos, os comitês analisaram 50% dos óbitos do Estado. Pretende-se ampliar gradativamente o número de óbitos analisados, bem como dar continuidade ao acompanhamento e à reestruturação dos comitês, visando a obter melhor desempenho, mais agilidade e melhor qualidade dos dados.This article reports on the implementation and operation of committees for the prevention of infant mortality in the State of Paraná, Brazil, with the operational strategies, formation, and relations at three levels: State, regional, and municipal. To implement the committees it was necessary to train professionals to investigate infant deaths. In two years the committees analyzed 50% of the infant deaths occurring in the State. The goal is to increase the number of cases analyzed and to continue to monitor the committees' work, seeking improved performance, agility, and data quality.

  14. Fatores determinantes da incidência de macrossomia em um estudo com mães e filhos atendidos em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro Factors accountable for macrosomia incidence in a study with mothers and progeny attended at a Basic Unity of Health in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Costa de Oliveira

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar fatores determinantes da incidência de macrossomia em um estudo com mães e filhos atendidos em uma Unidade Básica de Saúde no município do Rio de Janeiro. MÉTODOS: estudo de coorte prospectivo, com 195 pares de mães e filhos, em que a variável dependente foi a macrossomia (peso ao nascer >4.000 g, independente da idade gestacional ou de outras variáveis demográficas e as independentes foram variáveis socioeconômicas, reprodutivas pregressas/do curso da gestação, bioquímicas, comportamentais e antropométricas. A análise estatística foi feita por meio de regressão logística múltipla. Foram estimados valores de risco relativo (RR baseado na fórmula simples: RR = OR /(1 - I0 + (I0 versus OR, em que I0 é a incidência de macrossomia em não-expostos. RESULTADOS: a incidência de macrossomia foi de 6,7%, sendo os maiores valores encontrados em filhos de mulheres com idade >30 anos (12,8%, brancas (10,4%, com dois filhos ou mais (16,7%, que tenham tido recém-nascidos do sexo masculino (9,6%, com estatura >1,6 m (12,5%, com estado nutricional pré-gestacional de sobrepeso ou obesidade (13,6% e ganho de peso gestacional excessivo (12,7%. O modelo final revelou que ter dois filhos ou mais (RR=3,7; IC95%=1,1-9,9 e ter tido recém-nascido do sexo masculino (RR=7,5; IC95%=1,0-37,6 foram as variáveis que permaneceram associadas à ocorrência de macrossomia. CONCLUSÕES: a incidência de macrossomia foi maior que a observada no Brasil como um todo, mas ainda é inferior à relatada em estudos de países desenvolvidos. Ter dois filhos ou mais e ter tido recém-nascido do sexo masculino foram fatores determinantes da ocorrência de macrossomia.PURPOSE: to investigate factors accountable for macrosomia incidence in a study with mothers and progeny attended at a Basic Unity of Health in Rio de Janeiro, Brazil. METHODS: a prospective study, with 195 pairs of mothers and progeny, in which the dependent variable was

  15. Determinantes biopsicossociais que predizem qualidade de vida em pessoas que vivem com HIV/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Medeiros

    2013-12-01

    Full Text Available O advento da terapia antirretroviral trouxe a necessidade de se compreender os determinantes psicossociais envolvidos na avaliação de qualidade de vida em pessoas que vivem com HIV/AIDS. O objetivo desse estudo é investigar os determinantes psicossociais e clínicos envolvidos na avaliação de qualidade de vida nesse grupo social. Esta pesquisa envolveu 90 pessoas vivendo com HIV/AIDS (média de idade de 33,7 anos, DP = 6,6. Um questionário sócio-demográfico e clínico e o WHOQOL-BREF constituíram os principais métodos. Análises descritivas, comparações entre médias de grupos-critério e análise de regressão foram utilizadas. Os resultados demonstram melhor qualidade de vida entre os que estavam satisfeitos com os serviços de saúde do hospital, bem como os principais determinantes para a avaliação de qualidade de vida são a dimensão psicológica, contagens de células CD4 e a dimensão ambiental. Essa pesquisa sugere a elaboração de políticas públicas de saúde em HIV/AIDS que englobem os fatores psicossociais.

  16. DETERMINANTES DO P/B, SETOR REGULADO E ESTRATÉGIAS DE INVESTIMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Goulart Serra

    2016-03-01

    Full Text Available Observou-se uma lacuna de estudos em finanças que analise os determinantes do Price to Book (P/B para o período mais recente. Por meio de uma análise de painel, para 168 empresas com ações listadas na BMF&Bovespa e pelos últimos 40 trimestres, identificou-se os determinantes: (i retorno (relação positiva, (ii crescimento histórico (relação positiva, (iii custo de capital, medido pelo beta e alavancagem (ambos com relação negativa e (iv tamanho (positiva além de um determinante não usual: (v pertencer a um setor regulado (negativa, o que contribui com estudos sobre setores regulados. O fato das empresas pertencentes a setores regulados terem menor P/B pode ser um bom ou um mau sinal. Além disso, observou-se, analisando o Índice de Sharpe, a superioridade da estratégia de investimento em empresas com baixo P/B. Estratégias com outras variáveis também foram testadas, entre elas: tamanho, beta e retorno, de forma a contribuir com as pesquisas sobre o tema.

  17. Determinantes sociais e saúde bucal de adultos nas capitais do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Eduardo Bueno

    2014-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a correlação entre o índice Determinantes Sociais de Saúde Bucal (DSSB e indicadores sociais, indicadores de saúde bucal e determinantes sociais intermediários, representados pelos indicadores da Política Nacional de Saúde Bucal. MÉTODOS: Este estudo ecológico abrangeu 5 915 adultos de 35 a 44 anos em 27 capitais no Brasil. Os indicadores de desfechos em saúde bucal - perda dentária, dentes restaurados e Índice de Cuidados Odontológicos (ICO - foram obtidos do levantamento epidemiológico SB Brasil 2010. Os indicadores sociais (determinantes sociais estruturais e da Política Nacional de Saúde Bucal foram obtidos de censos demográficos e do Ministério da Saúde. RESULTADOS: Uma correlação de Pearson (r moderada foi observada entre o índice DSSB e ICO (r = 0,580, dentes restaurados (r = 0,545 e perda dentária (r = - 0,490. Houve uma correlação forte do componente equidade social com o ICO (r = 0,856, dentes restaurados (r = 0,822 e perda dentária (r = -0,665. Não houve associação estatisticamente significativa desses desfechos em saúde bucal com os componentes relativos à atenção primária e secundária à saúde bucal. O componente equidade social explicou 44% da variância da perda dentária, 68% da variância de dentes restaurados e 73% da variância do ICO. CONCLUSÕES: O índice DSSB e seu componente equidade social se correlacionaram significativamente com desfechos em saúde bucal de adultos nas capitais brasileiras. Portanto, políticas equitativas devem priorizar ações direcionadas aos DSSB, tais como ampliação da cobertura de saneamento e de água fluoretada, e redução da pobreza e das iniquidades regionais.

  18. Hipertrofia ventricular e mortalidade cardiovascular em pacientes de hemodiálise de baixo nível educacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana dos Santos e Silva Martin

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda é potente preditor de mortalidade em renais crônicos. Estudo prévio de nosso grupo mostrou que renais crônicos com menor escolaridade têm hipertrofia ventricular mais intensa. OBJETIVO: Ampliar estudo prévio e verificar se a hipertrofia ventricular esquerda pode justificar a associação entre escolaridade e mortalidade cardiovascular de pacientes em hemodiálise. MÉTODOS: Foram avaliados 113 pacientes entre janeiro de 2005 e março de 2008 e seguidos até outubro de 2010. Foram traçadas curvas de sobrevida comparando a mortalidade cardiovascular, e por todas as causas dos pacientes com escolaridade de até três anos (mediana da escolaridade e pacientes com escolaridade igual ou superior a quatro anos. Foram construídos modelos múltiplos de Cox ajustados para as variáveis de confusão. RESULTADOS: Observou-se associação entre nível de escolaridade e hipertrofia ventricular. A diferença estatística de mortalidade de origem cardiovascular e por todas as causas entre os diferentes níveis de escolaridade ocorreu aos cinco anos e meio de seguimento. No modelo de Cox, a hipertrofia ventricular e a proteína-C reativa associaram-se à mortalidade por todas as causas e de origem cardiovascular. A etiologia da insuficiência renal associou-se à mortalidade por todas as causas e a creatinina associou-se à mortalidade de origem cardiovascular. A associação entre escolaridade e mortalidade perdeu significância estatística no modelo ajustado. CONCLUSÃO: Os resultados do presente trabalho confirmam estudo prévio e demonstram, ademais, que a maior mortalidade cardiovascular observada nos pacientes com menor escolaridade pôde ser explicada por fatores de risco de ordem bioquímica e de morfologia cardíaca.

  19. Mortalidade por tumores de cérebro no Brasil, 1980-1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Gina Torres Rego

    2003-01-01

    Full Text Available Os tumores cerebrais são raros, mas sua incidência e mortalidade vêm aumentando ao longo das últimas décadas em vários países, inclusive no Brasil, particularmente entre idosos. O presente artigo descreve o perfil da mortalidade desses tumores no país, analisando a distribuição de suas taxas segundo sexo, idade, topografia e natureza tumoral entre 1980 e 1998. As taxas de mortalidade por esta neoplasia, ajustadas por idade pela população mundial, cresceram de 2,24/100 mil para 3,35/100 mil, correspondendo a um aumento de 50%. Estas foram mais elevadas na infância que na adolescência, aumentando posteriormente com a idade e alcançando níveis altos nos mais idosos, sendo o crescimento médio nos maiores de 70 anos de 6% ao ano ao longo da série estudada. São analisadas as taxas de tumores do encéfalo e das meninges cerebrais para o país e para capitais selecionadas. A constatação do aumento dessas taxas demanda a elaboração de estudos com vistas a elucidar o papel de novas tecnologias diagnósticas, assim como de potenciais fatores de risco ambientais.

  20. Early determinants of attention and hyperactivity problems in adolescents: the 11-year follow-up of the 1993 Pelotas (Brazil birth cohort study Determinantes precoces de problemas de atenção e hiperatividade na adolescência: a visita de 11 anos da coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 1993

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Anselmi

    2010-10-01

    Full Text Available The aim of this study was to assess early determinants of attention and hyperactivity problems in adolescents. In 1993, all hospital births in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, were monitored and mothers were interviewed (N = 5,249. At 11 years of age, 4,423 mothers answered the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ in order to evaluate attention and hyperactivity problems in the adolescents. Crude and adjusted prevalence ratios were calculated using Poisson regression. Prevalence of attention and hyperactivity problems was 19.9%. Factors associated with the outcome in the adjusted analysis were: male gender, low family income, smoking during pregnancy, minor psychiatric disorders in the mother, and history of child's behavioral/emotional problems at four years of age. Early life events impacted attention and hyperactivity problems in adolescence. Risk factors for attention and hyperactivity problems found in this study were similar to those reported in other cultures.O objetivo deste trabalho foi estudar determinantes precoces dos problemas de atenção e hiperatividade em adolescentes. Em 1993, os nascimentos foram recrutados e as mães entrevistadas (n = 5.249. Aos 11 anos, 4.423 mães responderam ao Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ para avaliar problemas de atenção e hiperatividade nos adolescentes. Variáveis socioeconômicas, demográficas, biológicas e psicológicas foram investigadas como prováveis fatores de risco. Razões de prevalência brutas e ajustadas foram calculadas com regressão de Poisson. A prevalência de problemas de atenção e hiperatividade foi 19,9%. Sexo masculino, baixa renda familiar, tabagismo materno na gestação, transtornos psiquiátricos maternos e problemas de comportamento/emocionais do adolescente aos quatro anos permaneceram associados na análise ajustada. Eventos do início da vida influenciaram os problemas de atenção e hiperatividade na adolescência. Os

  1. Mortalidade por doenças cardiorrespiratórias em idosos no estado de Mato Grosso, 1986 a 2006

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Nascimento do Carmo

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a evolução temporal da mortalidade por doenças cardiorrespiratórias em idosos. MÉTODOS: Estudo epidemiológico descritivo com delineamento ecológico de séries temporais realizado no estado do Mato Grosso, de 1986 a 2006. Foram utilizados dados sobre doenças dos aparelhos respiratório e circulatório obtidos do Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde. Modelos de regressão linear simples foram ajustados para avaliar a tendência das taxas específicas de mortalidade por grupos específicos de idade (60 a 69, 70 a 79 e 80 ou mais anos e sexo. RESULTADOS: Houve aumento na proporção de óbitos por doenças respiratórias e diminuição por doenças cardiovasculares. Na comparação de taxas entre os sexos, as mulheres apresentaram taxas 15% menores para as causas cardiovasculares e taxas similares ao sexo masculino para as causas respiratórias. Foi observada taxa elevada de mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares, com importante tendência de incremento entre os grupos mais longevos. Em idosos com idade > 80 anos o aumento anual médio na taxa de mortalidade por doenças respiratórias foi de 1,99 óbitos e de 3,43 por doenças do aparelho circulatório. CONCLUSÕES: O estado de Mato Grosso apresenta elevada taxa de mortalidade por doenças respiratórias e cardiovasculares em idosos, com importante tendência de incremento entre os grupos mais longevos.

  2. Relación entre condiciones habitacionales y mortalidad infantil en la provincia del Chaco (argentina. Determinación de diferentes escenarios posibles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca Elizabeth Ponce

    2012-01-01

    Full Text Available Las condiciones de la vivienda han sido reconocidas como una de las principales determinantes sociales de la salud humana. Las deficiencias en la vivienda y el saneamiento constituyen un determinante reiterado del exceso de mortalidad y una característica sistemáticamente vinculada a los niveles de pobreza, el rezago socioeconómico y la inequidad territorial en América Latina y el Caribe. El presente trabajo tiene como objetivo obtener una clasificación de las áreas programáticas de la provincia del Chaco en función de sus características habitacionales y niveles de mortalidad infantil; mediante el análisis de componentes principales y el análisis de cluster. La provincia del Chaco, se sitúa en el nordeste de la República Argentina e integra la región del Norte Grande Argentino. Geopolíticamente pertenece a un área periférica, con una débil y estacionaria economía, ubicándose entre las provincias más deficitarias.

  3. Epidemiología y determinantes sociales asociados a la obesidad y la diabetes tipo 2 en México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Moreno-Altamirano

    2014-07-01

    Full Text Available La diabetes y la obesidad como problemas de salud pública en México son analizados a la luz de su magnitud y distribución en el contexto de algunos de sus determinantes sociales: alimentación, sedentarismo y distribución del ingreso. Se presentan aspectos generales sobre estas enfermedades y su comportamiento epidemiológico en México. Se revisa el papel de la alimentación como determinante social fundamental para la presencia de la diabetes tipo 2 y obesidad. Asimismo, se argumenta sobre la importancia de la actividad física para su prevención y control. Se destaca el papel de la distribución de grasa corporal y la obesidad como producto de la transición alimentaria. Finalmente se expresan algunas recomendaciones que podrían contribuir a fortalecer las estrategias propuestas para disminuir su frecuencia, la mortalidad y las complicaciones de estas enfermedades.

  4. Canais de Distribuição no Turismo: uma análise das variáveis determinantes do uso de canais interpessoais e da Internet na compra de passagens aéreas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Sittoni Brasil

    2010-06-01

    ; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.WordSection1 {page:WordSection1;} -->

    Resumo

    Compreender as variáveis utilizadas pelos consumidores no uso de um sistema de entrega de serviços (SES é o foco central da presente pesquisa, a qual analisou cinco diferentes variáveis antecedentes – risco percebido, controle, conveniência, link social e propensão ao uso de tecnologia – do uso do SES junto a 186 clientes de companhias aéreas. Foi testado um modelo integrando essas diferentes variáveis em relação ao uso de dois canais de compra de passagens aéreas: SES-Interpessoal e SES-Internet. Os resultados apontam para um impacto direto de variáveis baseadas em atitudes – link social e propensão ao uso de tecnologia – sobre o uso do SES, demonstrando igualmente efeitos influenciadores indiretos das demais variáveis, baseadas em atributos – conveniência, controle e risco percebido –.

  5. Determinantal point process models on the sphere

    DEFF Research Database (Denmark)

    Møller, Jesper; Nielsen, Morten; Porcu, Emilio

    defined on Sd × Sd . We review the appealing properties of such processes, including their specific moment properties, density expressions and simulation procedures. Particularly, we characterize and construct isotropic DPPs models on Sd , where it becomes essential to specify the eigenvalues......We consider determinantal point processes on the d-dimensional unit sphere Sd . These are finite point processes exhibiting repulsiveness and with moment properties determined by a certain determinant whose entries are specified by a so-called kernel which we assume is a complex covariance function...... and eigenfunctions in a spectral representation for the kernel, and we figure out how repulsive isotropic DPPs can be. Moreover, we discuss the shortcomings of adapting existing models for isotropic covariance functions and consider strategies for developing new models, including a useful spectral approach....

  6. Determinantes psicossociais da dor sexual na mulher portuguesa

    OpenAIRE

    Oliveira, Cátia Margarida dos Santos Pereira de

    2013-01-01

    A dor é uma experiência perceptualmente complexa, influenciada por um conjunto variado de fatores biológicos e também psicossociais. A sua vivência varia de pessoa para pessoa, havendo diferentes níveis de impacto no funcionamento emocional, interpessoal, motivacional e físico. A dor sexual, mais conhecida por dispareunia e vaginismo, é uma problemática de natureza habitualmente crónica que afeta muitas mulheres. Apesar de ser um importante alvo de estudo nas últimas décadas...

  7. Determinantes das desigualdades na auto-avaliação do estado de saúde no Brasil: análise dos dados da PNAD/1998 Factors determining inequalities in the health condition self-assessment in Brazil: analysis of data of PNAD/1998

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Norberto W. Dachs

    2002-01-01

    Full Text Available O trabalho apresenta um panorama geral das desigualdades nos determinantes considerados na explicação das desigualdades na auto-avaliação do estado de saúde a partir dos dados da PNAD/1998. Mostra-se como existem gradientes na classificação do estado de saúde autopercebido de acordo com os níveis de educação, de renda per capita, de acordo com a raça ou cor de pele das pessoas, por grandes regiões do país e especialmente com o aumento da idade. Usando modelos de regressão logística, tenta-se explicar quais as determinações importantes dessa autoclassificação. Os resultados mais importantes indicam que educação e rendimento têm efeitos que se somam e que há diferenças entre homens e mulheres e de acordo com populações urbanas e rurais. As desigualdades na classificação do estado de saúde de acordo com a raça ou cor de pele das pessoas deixam de ser estatisticamente significativas depois de se controlar por nível de educação e de renda. Discute-se a utilidade desse tipo de informação sobre classificação autopercebida de saúde e a importância de melhorar, em futuros inquéritos, a qualidade dos dados por meio de sugestões sobre alterações nos procedimentos de entrevista.The work presents a general picture of the inequalities in the determinants considered to explain the disparities in the self-evaluation of health status using the data of the PNAD/1998. It is shown that there are large gradients in the classification of health status according to levels of education and income per capita, according to race or color of the skin, for the great regions of the country and specially with age. Using logistic regression models an attempt is made to explain which are the most important determinants of this self-classification. The results show that education and income have separate additive effects and that there are differences between men and women and according to living in urban or rural areas. The

  8. Saúde Ambiental e Atenção Primária à Saúde nos microterritórios: a taxa de mortalidade infantil para subsidiar a atuação da equipe de saúde Salud Ambiental y Atención Primaria de Salud en los microterritorios: la tasa de mortalidad infantil para orientar los trabajos del equipo de salud Environmental Health and Primary Health Care in micro-territories: the infant mortality rate as a guide for the healthcare team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angelo Borsarelli Carvalho de Brito

    2013-06-01

    Full Text Available Nos últimos 20 anos, o Sistema Único de Saúde no Brasil vem avançando no aprimoramento da atenção primaria e da vigilância em saúde ambiental. No País, também, melhorou a cobertura do saneamento básico. Mas existem iniquidades macrorregionais e são escassas as informações sobre os microterritórios, onde as ações básicas de saúde se concretizam. Descrever a influência das coberturas do sistema de abastecimento de água (SAA, esgotamento sanitário (ES e coleta de resíduos sólidos domiciliares (CRSD na taxa mortalidade infantil (TMI nas áreas de abrangência das unidades básicas de saúde (UBS do Distrito de Saúde Noroeste de Campinas-SP. Foi conduzido estudo ecológico com dados secundários referentes a 2000. As coberturas nas oito UBS: do SAA variou entre 96,3 %, de Valença, e 99,9 % de Integração; de ES entre 67 %, de Ipaussurama e 99,8 % de Integração; da CRSD entre 95,8 % de Florence e 99,9 % de Perseu e Integração. A TMI variou entre 5,5 ‰, na UBS Perseu e 22,9 ‰ Floresta. Observou-se que existe relação inversa, quanto maior a cobertura do SAA (R2=0,73, de ES (R2=0,78 e da CRSD (R2= 0,95 menor a TMI nas UBS. Além de outros fatores, o saneamento básico determina o processo saúde doença da população e conforme os achados, existem iniquidades também nos microterritórios de abrangência das UBS que devem ser consideradas pelos gestores e profissionais de saúde, principalmente, da atenção primária na pactuação das prioridades, ações e metas para atenção integral e vigilância em saúde e atuação intersetorial.En los últimos 20 años, el Sistema Único de Salud en el Brasil ha mejorado la atención primaria de salud y la vigilancia de la salud ambiental. En Brasil, mejoró también la cobertura de saneamiento básico. Existen desigualdades macrorregionales y poca información sobre los microterritorios donde se llevan a cabo las acciones de la atención primaria. Se pretende describir la

  9. Comparação entre dois métodos para investigação da mortalidade materna em município do Sudeste brasileiro Comparison of two methods for the investigation of maternal mortality in a municipality of the Brazilian Southeast

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacinta Pereira Matias

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: comparar a mortalidade materna declarada pelo Sistema Nacional de Informação sobre Mortalidade (SIM com a investigação pela pesquisa de óbitos de mulheres em idade reprodutiva (RAMOS, de 10 a 49 anos; identificar a subnotificação e investigar as causas de morte materna (MM no período de 1999 a 2006. MÉTODOS: série temporal e de base populacional a partir das informações das declarações de óbito (DO, fornecidas em banco de dados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE e com as causas de morte codificadas pela Classificação Internacional de Doenças (CID, décima revisão e o número de nascidos vivos (NV. Os óbitos foram categorizados em MM declarada, presumível e não-materna. A identificação dos casos foi feita a partir de listagem com a data de nascimento e de óbito no velório municipal, e as informações complementares ao estudo foram obtidas no Setor de Vigilância Epidemiológica do Comitê Municipal de Investigação da MM (CMIMM. Foram levantadas informações sobre MM contidas no SIM. Nos casos de MM declaradas e não-declaradas, foi identificado o percentual de subnotificação; foram calculadas as razões de mortalidade materna (RMM oficial e corrigida e o fator de ajuste para o período, e as causas de MM foram revisadas e classificadas. RESULTADOS: foram identificadas 12 MM, sendo seis declaradas e seis não-declaradas. A subnotificação foi de 50%, o que correspondeu a um fator de ajuste igual a dois. A RMM oficial foi 14,7 e a corrigida de 29,4 mortes por 100.000 NV. As causas básicas foram mal atribuídas na maioria dos casos. As causas obstétricas diretas foram mais prevalentes, dentre elas a eclâmpsia e a síndrome HELLP, seguida por infecções. CONCLUSÕES: são necessárias medidas políticas e administrativas para a efetiva atividade dos Comitês de Investigação das MM. A prevalência de causas obstétricas diretas é indicativa de falhas na assistência materna e

  10. Diferenças no padrão de ocorrência da mortalidade neonatal e pós-neonatal no Município de Goiânia, Brasil, 1992-1996: análise espacial para identificação das áreas de risco Differential patterns of neonatal and post-neonatal mortality rates in Goiânia, Brazil, 1992-1996: use of spatial analysis to identify high-risk areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otaliba Libânio de Morais Neto

    2001-10-01

    Full Text Available Este artigo refere-se à pesquisa acerca do padrão espacial dos componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil em Goiânia, no Estado de Goiás, Brasil. A população do estudo foi a coorte de 101 mil nascidos vivos, residentes em Goiânia, de 1992 a 1996. As probabilidades de morte infantil foram estimadas mediante o cotejo dos arquivos de óbitos e de nascidos vivos. Para minimizar as flutuações aleatórias das taxas, empregou-se o método Bayesiano empírico. A unidade de análise do padrão espacial foi constituída pelos 65 distritos urbanos de planejamento. Para análise de autocorrelação espacial foram utilizados: Moran "global", Moran local e estatística Gi* local. Os componentes neonatal e pós-neonatal da mortalidade infantil evidenciaram autocorrelação espacial estatisticamente significativa. No período pós-neonatal, os distritos de risco concentram-se nas regiões periféricas do município. No período neonatal, o padrão de ocorrência é heterogêneo, havendo distritos de alto risco distribuídos em todas as regiões, inclusive na região Central de Goiânia.The aim of this study was to investigate the spatial pattern of neonatal and post-neonatal mortality in the city of Goiânia, Central Brazil. Analyses were based on linked birth and death certificates relating to 101,000 in-hospital live births from mothers residing in the city of Goiânia over the 1992-1996 period. Overall neonatal and post-neonatal mortality probabilities were calculated using the linked database. The empirical Bayes method was applied to smooth the estimated rates and minimize random fluctuation. Spatial units of analysis were 65 urban districts, corresponding to the urban planning sectors. The following exploratory spatial analyses were applied: "global" Moran's I statistic, local Moran LISA map, and Gi* local statistics. For both neonatal and post-neonatal mortality there was statistically significant spatial autocorrelation

  11. Determinantes do desenvolvimento do setor agropecuário nos municípios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio César de Medeiros Costa

    2013-06-01

    Full Text Available Dada a importância do setor agropecuário para a economia brasileira, é fundamental conhecer os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário em seus municípios. Sob a luz de referencial teórico que aborda questões relacionadas aos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e do desenvolvimento econômico local, neste estudo fez-se uso das metodologias de análise multivariada conhecidas como análise fatorial e análise de cluster. Utilizou-se o estado de Minas Gerais como recorte analítico. Foram selecionadas 22 variáveis para cada município, representando diferentes dimensões do desenvolvimento, visando verificar quais os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário. Após a análise fatorial, optou-se pela extração de seis fatores com raiz característica maior do que um e que respondem, em conjunto, por 62,25% da variância total dos dados: desenvolvimento econômico, investimento público, qualidade de vida, condições da atividade agropecuária, condições de meio ambiente e consumo, e condições de financiamento. Pela análise de cluster, foram criados cinco grupos, de acordo com o desempenho dos membros nos fatores. Os resultados corroboram os apontamentos literários em quase sua totalidade e, além disso, destaca-se e discute-se a existência de um ciclo positivo gerado pelo incremento dos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e pelas vantagens competitivas. Neste estudo, aponta-se a importância do investimento público na promoção do desenvolvimento, reforçando o proposto por trabalhos anteriores de que o Estado desempenha papel fundamental para garantir condições que propiciem o desenvolvimento do setor agropecuário. Outra constatação factível é a de que fatores isolados, tais como as boas condições da agricultura e do meio ambiente, não são capazes de propiciar desenvolvimento para o setor nos municípios mineiros.

  12. Fatores de risco para mortalidade fetal em uma maternidade do Sistema Único de Saúde, Rio de Janeiro, Brasil: estudo caso-controle Risk factors for fetal mortality in a public maternity hospital in Rio de Janeiro, Brazil: a case-control study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Costa Fonseca

    2010-02-01

    Full Text Available A mortalidade fetal, apesar de elevada no Brasil, é pouco estudada quanto à sua determinação. Um estudo caso-controle aninhado foi feito para investigar os determinantes da mortalidade fetal em uma população usuária dos serviços públicos de uma região do Rio de Janeiro, de 2002 a 2004. Os dados foram coletados por meio de entrevista com as puérperas e complementados em prontuários e cartões de pré-natal. Os casos foram óbitos fetais com peso igual ou superior a 500g e os controles foram nascidos vivos no mesmo período. Para análise estatística, usou-se um modelo hierárquico de fatores sócio-econômicos e psicossociais (nível distal, reprodutivos, comportamentais e assistenciais (intermediário e características biológicas do feto (proximal. Destacaram-se vínculo empregatício, situação marital estável, acompanhante na admissão e pré-natal adequado como protetores de mortalidade fetal, enquanto violência doméstica, morbidade na gravidez e crescimento fetal restrito aumentaram o risco. O pré-natal se mostrou importante estratégia de redução do risco nesta população.Stillbirth rate is high in Brazil, and it is important to identify its determinants. A nested case-control was conducted to explore the determinants of fetal death in a population treated at public services in Rio de Janeiro from 2002 to 2004. Data were collected from mothers' interviews and medical records. A structured model was proposed to perform statistical analysis, attributing hierarchical levels: socioeconomic factors (distal level, reproductive, behavioral, and healthcare determinants (intermediate level, and fetal biological characteristics (proximal level. According to the findings, work stability, stable marital status, presence of a companion during admission, and adequate prenatal care had a protective effect against fetal death, while domestic violence, maternal morbidity, and intrauterine growth restriction increased the risk. Quality

  13. Introducao e expansao da Leishmaniose visceral americana em humanos no estado de Sao Paulo, 1999-2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Furtado Mozini Cardim

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a expansão da ocorrência de leishmaniose visceral americana em humanos e identificar localidades prioritárias para o desenvolvimento de ações de vigilância e controle. MÉTODOS : A área de estudo constituiu-se dos 316 municípios do estado de São Paulo pertencentes às cinco regiões de saúde com ocorrência da leishmaniose visceral americana em humanos, utilizando os casos autóctones e óbitos, com ano de notificação e município de ocorrência. Calcularam-se taxas de incidência e de mortalidade e letalidade por município, por região e para a área de estudo. Utilizaram-se o estimador bayesiano empírico para obtenção de taxas de incidência e de mortalidade bayesianas locais para cada município e a krigagem para visualização da distribuição espacial das temperaturas e das precipitações pluviométricas. RESULTADOS : Foram detectados 73 municípios com transmissão da doença. As primeiras ocorrências deram-se em áreas com maiores temperaturas e menores pluviosidades, mas sua disseminação também ocorreu em áreas menos quentes e mais úmidas. A expansão da leishmaniose visceral americana em humanos apresentou um eixo principal de disseminação no sentido noroeste para sudeste, acompanhando a rodovia Marechal Rondon e o gasoduto Bolívia-Brasil, e um eixo secundário, na direção norte-sul, acompanhando a malha rodoviária. As taxas de incidência, segundo regiões de saúde, apresentaram um pico seguido de queda, com exceção da região de São José do Rio Preto. Observou-se maior concentração de municípios com altas taxas de incidência e mortalidade nas regiões de saúde de Araçatuba, Presidente Prudente e Marília. CONCLUSÕES : Possíveis fatores determinantes da expansão da doença incluíram a rodovia Marechal Rondon e a construção do gasoduto Bolívia-Brasil. Fatores climáticos pareceram não ter papel determinante nessa expansão. O uso de técnicas de análise espacial

  14. Mortalidade infantil e contexto socioeconômico no Ceará, Brasil, no período de 1991 a 2001 Infant mortality and the socio-economic scenario in the State of Ceará, Brazil in 1991 and 2001

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gomes Bezerra-Filho

    2007-04-01

    Full Text Available A Taxa de Mortalidade Infantil (TMI foi eleita como um dos mais importantes indicadores de saúde pela Organização Mundial da Saúde, na Conferência de Alma-Ata, onde também foi reconhecida a atenção primária como a chave para alcançar um nível mínimo satisfatório de saúde. O Fundo das Nações Unidas para a Infância e a Organização Pan-americana de Saúde determinaram estratégias de ação de baixo custo para países pobres, visando à redução da TMI, tais como acompanhamento do crescimento, reidratação oral, aleitamento materno e imunização. O pressuposto de que reduções substanciais nessa taxa estariam condicionadas a melhorias na qualidade de vida vem sendo questionado, devido a intervenções específicas do setor saúde. Neste contexto, o Ceará e grande parte da região Nordeste vêm enfrentando historicamente as adversidades em áreas sociais, econômicas, demográficas e de atenção à saúde, sugerindo a existência de relação de causalidade entre esses seguimentos e, de forma específica, com a mortalidade infantil. Os determinantes macroepidemiológicos da sobrevivência infantil estão fora da capacidade do setor saúde de provocar algum tipo de intervenção, por isso somente mudanças significativas dos padrões econômicos ou a intensificação de políticas sociais, com continuidade para as questões da educação, do saneamento e da geração de emprego e renda, poderiam provocar transformações de impacto na condição de saúde das populações e, por conseqüência, na mortalidade infantil. Tal conjectura justifica a execução de investigações mais apuradas do ponto de vista metodológico de maneira a elucidar essa hipótese.The Infant Mortality Rate (IMR has been determined as one of the most important health indicators by the Alma-Ata Conference of the World Health Organization that also recognized primary health care as the key for health promotion. The United Nations International Childhood

  15. Evolución demográfica del camp de Tarragona (Cataluña, España 1570-1880: las grandes crisis de mortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarita Gonzalvo-Cirac

    2016-01-01

    Full Text Available El Camp de Tarragona (España participó con fuerza en la revolución comercial de la época moderna y la evolución de su población fue constante y creciente. Objetivo: analizar si fueron las graves crisis de mortalidad y la falta de salud lo que incentivó la evolución de la población en la zona, y el papel que estas tuvieron. Métodos: con registros parroquiales y censos se construye durante casi tres siglos y medio la evolución demográfica. Se presentan aspectos significativos de la mortalidad por crisis a través del método Dupâquier y Flinn. Resultados: la sequía es el indicador indirecto del stress económico y la salud. Las mayores defunciones ocurrían en años de malas cosechas, guerra o infección. Durante uno o varios años la mortalidad se elevó por encima de su nivel normal (nivel 4-5 determina graves crisis con el método Dupâquier. El Camp lo alcanzó cuatro veces: la primera vez, a principios del siglo XVII debido al factor determinante de la sequía, luego por enfermedad y las otras por guerra. Posteriormente, se dieron crisis urbanas y rurales. Conclusiones: la influencia de estas graves crisis sobre el crecimiento demográfico y económico era importante cuando la capacidad del hombre era limitada. El Camp supo mantener una hegemonía demográfica y económica importante en esta época. Graves crisis de mortalidad afectaron con dureza menguando la población. Como conclusión, el papel de la mortalidad por graves crisis no es determinante, aunque estas tuvieron un papel importante en la recuperación de los habitantes del Camp.

  16. Evolución demográfica del camp de Tarragona (Cataluña, España 1570-1880: las grandes crisis de mortalidad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Margarita Gonzalvo-Cirac

    2016-07-01

    Full Text Available El Camp de Tarragona (España participó con fuerza en la revolución comercial de la época moderna y la evolución de su población fue constante y creciente. Objetivo: analizar si fueron las graves crisis de mortalidad y la falta de salud lo que incentivó la evolución de la población en la zona, y el papel que estas tuvieron. Métodos: con registros parroquiales y censos se construye durante casi tres siglos y medio la evolución demográfica. Se presentan aspectos significativos de la mortalidad por crisis a través del método Dupâquier y Flinn. Resultados: la sequía es el indicador indirecto del stress económico y la salud. Las mayores defunciones ocurrían en años de malas cosechas, guerra o infección. Durante uno o varios años la mortalidad se elevó por encima de su nivel normal (nivel 4-5 determina graves crisis con el método Dupâquier. El Camp lo alcanzó cuatro veces: la primera vez, a principios del siglo XVII debido al factor determinante de la sequía, luego por enfermedad y las otras por guerra. Posteriormente, se dieron crisis urbanas y rurales. Conclusiones: la influencia de estas graves crisis sobre el crecimiento demográfico y económico era importante cuando la capacidad del hombre era limitada. El Camp supo mantener una hegemonía demográfica y económica importante en esta época. Graves crisis de mortalidad afectaron con dureza menguando la población. Como conclusión, el papel de la mortalidad por graves crisis no es determinante, aunque estas tuvieron un papel importante en la recuperación de los habitantes del Camp.

  17. Determinantes do spread bancário ex post no mercado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alves Dantas

    2012-08-01

    Full Text Available A rentabilidade dos bancos é geralmente considerada um fator relevante para garantir a solidez do sistema financeiro, reduzindo os riscos associados aos eventos de insolvência nesse setor. No Brasil, porém, tem havido discussões quanto aos lucros das instituições financeiras que atuam no país, centradas no argumento de que tais lucros seriam supostamente muito elevados, onerando demasiadamente o setor produtivo. Por isso, diversos estudos têm avaliado a estrutura, a evolução e os determinantes do spread bancário, que é considerada a principal variável responsável pelos lucros supostamente anormais. Do ponto de vista metodológico, essas pesquisas têm se concentrado em investigar o spread ex ante das operações com recursos livres e têm utilizado fatores macroeconômicos como variáveis independentes. Este estudo busca identificar variáveis determinantes do spread bancário ex post, privilegiando variáveis explanatórias específicas das instituições, vale dizer, microeconômicas. Na literatura sobre determinantes do spread bancário ex post no Brasil, foi identificado apenas um trabalho anterior, o qual apresentou resultados pouco representativos, devido a um problema de micronumerosidade. Para evitar tal problema, este estudo utiliza dados dos balancetes de janeiro/2000 a outubro/2009 de instituições bancárias com carteira de crédito ativa. Utilizando um modelo de regressão com dados em painel dinâmico, são testadas nove hipóteses, constatando-se que o nível de spread ex post tem relação significativa e: 1. Positiva com o risco de crédito da carteira, com o grau de concentração do mercado de crédito e com o nível de atividade da economia; 2. negativa com a participação relativa da instituição no mercado de crédito. Por outro lado, não foram encontradas relações estatisticamente relevantes entre o spread ex post e: o nível de cobertura das despesas administrativas pelas receitas de prestações de

  18. A conformação estrutural da taxa de juros

    OpenAIRE

    Reinert, José Nilson

    2010-01-01

    Trata da conformação da taxa de juros no longo prazo. Aborda o tema dentro da teoria marxista e apresenta o volume de reservas formadas ao longo dos ciclos econômicos como determinante principal da taxa de juros. Analisa dados da economia norte-americana, visando ilustrar as hopóteses apresentadas.

  19. A mortalidade neonatal em 1998, no município de Botucatu - SP La mortalidad neonatal en 1998, en el município de Botucatu-SP The neonatal mortality in 1998 at the municipality of Botucatu-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Poles

    2000-07-01

    Full Text Available Considerando que a mortalidade neonatal é indicador da qualidade da assistência prestada à gestante, ao parto e ao recém-nascido, realizamos o presente trabalho, cujo objetivo foi identificar as causas e o índice de mortalidade neonatal durante o ano de 1998 em Botucatu-SP. O coeficiente de mortalidade neonatal obtido foi de 8,3/1000 nascidos vivos e o coeficiente de mortalidade neonatal precoce foi de 7,3/1000 nascidos vivos, confirmando a importância dos óbitos na primeira semana de vida. Aproximadamente três quartos dos óbitos puderam ser classificados como reduzíveis por diagnóstico e tratamento precoces, reduzíveis por adequada atenção ao parto ou parcialmente reduzíveis por adequado controle da gravidez, evidenciando que para se reduzir os índices de morte neonatal, deveremos investir na melhoria da qualidade da assistência prestada à gestante, à parturiente e ao neonato.Considerando que la mortalidad neonatal es un indicador de la calidad de la asistencia ofrecida en la gestación, al parto y al recién- nacido, realizamos el presente trabajo, con el objetivo de estudiar la mortalidad neonatal durante el año de 1998 en Botucatu-SP. El coeficiente de mortalidad neonatal encontrado fue 8,3/1000 nacidos vivos y el coeficiente de mortalidad neonatal precoz fue de 7,3/1000 nacidos vivos, confirmando la importancia de las defunciones en la primera semana de vida. Los resultados mostraron que aproximadamente tres cuartos de las defunciones pueden ser reducidas con el control del embarazo, con el diagnóstico y tratamiento precoz o con la adecuada atención al parto, evidenciando que para reducir los índices de mortalidad neonatal, deberemos invertir en la mejoría de la calidad de la asistencia ofrecida en la gestación, en el parto y al recién-nacido.Considering that neonatal mortality is an indicator of the quality of the care provided to pregnant women, at childbirth as well as to the new born, authors developed the

  20. ESTRATÉGIA DO DESENVOLVIMENTO URBANO COMO FATOR DETERMINANTE PARA O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL SUSTENTÁVEL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rúbia Tânia Welter

    2016-11-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo identificar a estratégia do desenvolvimento urbano como fator do desenvolvimento industrial sustentável. Para alcançar este objetivo, foi realizada uma pesquisa documental e uma revisão histórico-bibliográfica de uma cidade, neste caso, a cidade de Joinville-SC. Foi realizado, também, um estudo sobre a evolução dos acontecimentos históricos da cidade pesquisada, como forma de estabelecer que estratégias adotadas interferiram neste processo de desenvolvimento. Como resultado, foram identificados os fatores estratégicos inerentes ou determinantes para o desenvolvimento industrial da cidade. Palavras-chave: Desenvolvimento urbano. Desenvolvimento industrial. Fatores estratégicos.

  1. Quantum entanglement and geometry of determinantal varieties

    International Nuclear Information System (INIS)

    Chen Hao

    2006-01-01

    Quantum entanglement was first recognized as a feature of quantum mechanics in the famous paper of Einstein, Podolsky, and Rosen. Recently it has been realized that quantum entanglement is a key ingredient in quantum computation, quantum communication, and quantum cryptography. In this paper, we introduce algebraic sets, which are determinantal varieties in the complex projective spaces or the products of complex projective spaces, for the mixed states on bipartite or multipartite quantum systems as their invariants under local unitary transformations. These invariants are naturally arised from the physical consideration of measuring mixed states by separable pure states. Our construction has applications in the following important topics in quantum information theory: (1) separability criterion, it is proved that the algebraic sets must be a union of the linear subspaces if the mixed states are separable; (2) simulation of Hamiltonians, it is proved that the simulation of semipositive Hamiltonians of the same rank implies the projective isomorphisms of the corresponding algebraic sets; (3) construction of bound entangled mixed states, examples of the entangled mixed states which are invariant under partial transpositions (thus PPT bound entanglement) are constructed systematically from our new separability criterion

  2. Mortalidad infantil en Cuba 1959-1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl Riverón Corteguera

    2001-09-01

    Full Text Available De 1959 a 1999, con los datos estadísticos disponibles, la mortalidad infantil en Cuba disminuyó en 81,3 %, la mortalidad neonatal precoz se redujo el 73,4 %, la mortalidad neonatal tardía el 83,6 % y la posneonatal en 86,0 %. Las reducciones obtenidas en el período se distribuyeron uniformemente entre todas las provincias, aunque la mayor disminución se produjo en las provincias centrales y occidentales. Los rubros que más disminuyeron sus tasas fueron: enteritis y otras enfermedades diarreicas, infecciones respiratorias agudas, afecciones perinatales en general y las meningitis, aunque todas las causas reducen la mortalidad en el período. La natalidad descendió el 51,3 %, la fecundidad lo hizo en 30 %, el crecimiento demográfico bruto de la población disminuyó el 59,8 %, el parto institucional aumentó en 65,9 %, el bajo peso al nacer descendió el 36,9 %, la mortalidad perinatal se redujo el 67,2 %, los nacidos vivos disminuyeron el 21,1 % y la supervivencia infantil a los 5 años aumentó el 3,8 %. Esto ha sido posible debido principalmente a la decisión política de priorizar el sector de la salud y muy especialmente la salud maternoinfantil adoptada por nuestro Estado a principios de la década de los 60, lo que permitió alcanzar avances en la organización, calidad de la atención y una amplia cobertura de los servicios de salud. También fueron elementos importantes, el mejoramiento del nivel de vida y de la educación alcanzados por la población, las mejoras logradas en la situación sanitaria y epidemiológica, la distribución equitativa de los alimentos que prioriza a la madre y al niño. Un elemento fundamental en la última década ha sido el desarrollo del "médico de la familia" en la atención primaria y el mejoramiento de la atención hospitalaria. Por otra parte han contribuido de manera notable el establecimiento del Programa Nacional de Atención Maternoinfantil, que abarca las inmunizaciones, el control de las

  3. The use of perioperative serial blood lactate levels, the APACHE II and the postoperative MELD as predictors of early mortality after liver transplantation O uso da dosagem seriada do lactato sérico no perioperatório, do APACHE II e do MELD pós-operatório como preditores de mortalidade precoce após transplante hepático

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anibal Basile-Filho

    2011-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the accuracy of different parameters in predicting early (one-month mortality of patients submitted to orthotopic liver transplantation (OLT. METHODS: This is a retrospective study of forty-four patients (38 males and 10 females, mean age of 52.2 ± 8.9 years admitted to the Intensive Care Unit of a tertiary hospital. Serial lactate blood levels, APACHE II, MELD post-OLT, creatinine, bilirubin and INR parameters were analyzed by receiver-operator characteristic (ROC curves as evidenced by the area under the curve (AUC. The level of significance was set at 0.05. RESULTS: The mortality of OLT patients within one month was 17.3%. Differences in blood lactate levels became statistically significant between survivors and nonsurvivors at the end of the surgery (pOBJETIVO: Avaliar qual parâmetro é o mais eficiente na predição de mortalidade precoce (um mês de pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado (OLT. MÉTODOS: Estudo retrospectivo em cinqüenta e oito pacientes adultos (44 homens e 14 mulheres, com uma idade média de 51,7 ± 10,1 anos admitidos na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital terciário. Os parâmetros como a dosagem seriada de lactato no sangue, APACHE II, MELD pós-OLT, creatinina, bilirrubina e INR foram analisados por curvas ROC (Receiver-operator characteristic, evidenciado pela área abaixo da curva (AUC. O nível de significância foi definido em 0,05. RESULTADOS: A mortalidade dos pacientes OLT em até um mês foi de 17,3%. As diferenças no nível de lactato no sangue tornaram-se estatisticamente significantes entre sobreviventes e não sobreviventes no final da cirurgia (p < 0,05. A AUC foi de 0,726 (95%CI = 0,593-0,835 para APACHE II (p = 0,02; 0,770 (95%CI = 0,596-0,849 para o lactato sérico (L7-L8 (p = 0,03; 0,814 (95%CI = 0,690-0,904 para MELD post-OLT (p < 0,01; 0,550 (95%CI = 0,414-0,651 de creatinina (p = 0,64; 0,705 (95%CI = 0,571-0,818 de bilirrubina (p = 0,05 e 0

  4. Factores asociados a la mortalidad en la población mexicana con SIDA en contraste con otras poblaciones humanas. Revisión sistemática y meta-análisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Beatriz Pertuz-Belloso

    2016-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo es determinar los factores que pueden estar asociados a la mortalidad de pacientes con SIDA en un estudio meta-analítico del 2010-2014 en el cual se revisó la literatura existente sobre SIDA y las causas de mortalidad en la base de datos del NCBI. Los datos, integrados en una matriz, fueron procesados estadísticamente siguiendo los estándares del meta-análisis en el programa Open-Epi versión 3.03. Los resultados muestran que las enfermedades secundarias, tales como tuberculosis (tasa: 0.1, toxoplasmosis (tasa: 1 y Síndrome de Kaposi (tasa: 1 siguen ocupando un lugar importante entre los factores de mortalidad de la población con SIDA a nivel global. No obstante, los datos muestran también que el mayor problema que presenta la población con SIDA es la creciente resistencia a los antirretrovirales (tasa: 10. Los polimorfismos de los receptores que intervienen en la respuesta inmunológica en la mortalidad de las poblaciones con SIDA (tasa: 0.01 tienen un bajo impacto. En México, la tasa de mortalidad de esta población es alta (tasa: 4.5 y muy similar a otros países de Latinoamérica (tasa: 3.5. Entre los determinantes de estas tasas de mortalidad en la población mexicana con SIDA podrían estar la baja restauración inmunológica y la mala respuesta a los antirretrovirales.

  5. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Márcia Furquim de

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.

  6. Mortalidade em idosos por diabetes mellitus como causa básica e associada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Medina Coeli

    2002-04-01

    Full Text Available OBJETIVO:Analisar a mortalidade por diabetes mellitus em idosos e a subenumeração do diabetes como causa do óbito de acordo com estatísticas baseadas unicamente em causa básica de óbito. MÉTODOS:Foram revisadas todas as 2.974 declarações de óbito ocorridas em 1994 de idosos residentes em um núcleo habitacional localizado na cidade do Rio de Janeiro, RJ. Destas, foram estudados 291 óbitos, tendo o diabetes mellitus como causa básica (150 e associada (141. A proporção de óbitos em que a diabetes aparece como causa básica em relação ao total de óbitos por diabetes foi calculada de forma global e segundo sexo e faixa etária. RESULTADOS:Dos 291 óbitos estudados, 138 (47,4% ocorreram em homens, e 153, em mulheres (52,6%. As taxas de mortalidade apresentaram crescimento contínuo com o avançar da idade, sendo superiores no sexo masculino, embora a diferença entre sexos tenha sido menor para a análise baseada unicamente na causa básica. Observou-se proporção elevada de óbitos domiciliares (22%. A proporção de óbitos por diabetes como causa básica foi de 51,5%, sendo maior nas mulheres do que nos homens. CONCLUSÕES:A análise das estatísticas de mortalidade baseadas unicamente na causa básica do óbito pode levar a perfis distorcidos, em função da subenumeração não ocorrer aleatoriamente. Estudos adicionais em coortes de idosos brasileiros diabéticos são necessários para permitir uma avaliação mais acurada da mortalidade nesse grupo.

  7. Mortalidade materna na cidade de São Paulo de 1993 a 1995 Maternal mortality in São Paulo City from 1993 to 1995

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Krikor Boyaciyan

    1998-02-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram: determinar o coeficiente de mortalidade materna para o município de São Paulo, as patologias mais freqüentes que determinaram o óbito e a distribuição por faixas etárias. Foram revisados neste estudo retrospectivo 179.872 atestados de óbito de mulheres entre 10 e 49 anos de idade abrangendo no período de abril de 1993 a dezembro de 1995.Foram selecionados 761 atestados de óbito nos quais o estado gravídico era declarado ou presumido. A gravidez foi confirmada em 291 dos 761 casos e 53 destes estão ainda sob investigação. Os dados foram tabulados, agrupados e analisados considerando a idade e a causa da morte, de acordo com a 9ª Revisão do CID - Classificação Internacional de Doenças. Dos 291 casos positivos para associação com gravidez, 82 (28,17% não apresentaram nenhuma referência a este fato no atestado de óbito (subnotificação. Dos 291 óbitos, 183 (62,9% se deveram a causas diretas, sendo a hemorragia (47/183, a pré-eclâmpsia/eclâmpsia (46/183 e as complicações do aborto (43/183 as principais patologias. Em 79 casos a causa foi indireta, sendo a cardiopatia (33/79 a principal patologia determinante do óbito. A síndrome hipertensiva (pré-eclâmpsia/eclâmpsia e/ou hipertensão arterial crônica foi responsável por 19,93% das mortes. Este estudo possibilitou calcular o Coeficiente de Mortalidade Materna para o município de São Paulo: 50,24 por 100.000 nascidos vivos.The parpose of the present report was to determine the maternal mortality rate in São Paulo, the most frequent pathologies which caused death and the distribution of cases paccording to age. In thepresent retrospective study 179,872 death certificates from April 1993 to December 1995 of women from 10 to 49 years old. Were reviewed 761 death certificates were selected, in which the pregnancy state was either declared or presumed; pregnancy was confirmed in 291/761 cases and 53/761 cases are still under

  8. Atividade do acaricida etoxazol sobre a mortalidade e reprodução do ácaro-da-leprose Brevipalpus phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, em citros Activity of the etoxazole acaricide on the mortality and reproduction of the citrus leprosis mite Brevipalpus Phoenicis (Geijskes (Acari: Tenuipalpidae, in citrus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Juari Celoto

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade do acaricida etoxazol, no controle e reprodução do ácaro B. phoenicis. Para tanto, foram demarcadas com cola adesiva arenas de cinco centímetros de diâmetro em frutos de citros com alta infestação do ácaro. O ensaio foi delineado em parcelas inteiramente casualizadas, com oito tratamentos e quatro repetições. Em cada arena foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos. Os tratamentos constaram dos seguintes acaricidas e doses em g i.a./100 L de água: etoxazol 110 SC (1,1; 1,65; 2,75 e 5,5; hexitiazoxi 500 PM (0,75; flufenoxuron 100 CE (3; cihexatina 500 PM (25, aplicados diretamente sobre as arenas. Os frutos foram mantidos em câmara de germinação tipo BOD. com temperatura de 25 ± 2 ºC e fotofase de 12 horas. Diariamente, foram contados o número de ácaros adultos, jovens e ovos, com auxílio de microscópio esteroscópio. Os parâmetros avaliados foram a atividade ovicida, esterilização de fêmeas e efeito sobre formas jovens. Constatou-se que o etoxazol provocou mortalidade de formas jovens do ácaro-da-leprose superior a 95%, nas doses a partir de 1,1 g i.a. /100 L de água. Ovos tratados com etoxazol, nas doses a partir de 1,65 g i.a. /100 L de água, apresentaram inviabilidade média de 60%. O etoxazol apresentou efeito esterilizante sobre fêmeas nas doses a partir de 2,75 g i.a./100 L de água, inviabilizando 95% dos ovos.The objective of this work was to evaluate the activity of the etoxazole acaricide, on the mortality and reproduction of the citrus leprosies mite, B. phoenicis. A five centimeter diameter arena were demarcated with adhesive glue, in citrus fruits with high infestation of the mite. The design was entirely randomized plots with eight treatments and four replications. In each arena were counted the number of adults, young and eggs of B. phoenicis. The treatments consisted the following acaricides and doses in g a.i./100 L of water: etoxazole

  9. Avaliação da notificação de óbitos infantis ao Sistema de Informações sobre Mortalidade: um estudo de caso Evaluation of child mortality notifications to the Information System for Infant Deaths: a case study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Germano de Frias

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a notificação do óbito infantil ao Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM e a contribuição de outras fontes de notificação em Bom Conselho, Pernambuco,1999. MÉTODOS: estudo de caso utilizando os dados dos óbitos infantis de residentes em Bom Conselho, coletados no SIM municipal e estadual, complementados por busca ativa nos cartórios, unidades de saúde, cemitérios e comunidades, junto aos agentes de saúde e parteiras tradicionais. A investigação domiciliar foi realizada para todos os óbitos e usada para validação dos endereços. Foi calculado o percentual de subnotificação ao SIM e os óbitos agrupados segundo localização da informação e fontes notificadoras. RESULTADOS: foram encontradas subnotificação elevada (46% e grande número de óbitos em domicílio. Esse dado sugere a precariedade no acesso aos serviços de saúde como um dos aspectos mais importantes. As principais fontes de notificação foram os agentes comunitários de saúde, seguidos pelos cartórios e unidades de saúde, sendo essa última preferencial na coleta das informações, apesar do alto percentual de óbitos hospitalares não notificados ao SIM. CONCLUSÕES: a subnotificação de óbitos infantis é um problema complexo que transcende os Sistemas de Informação. A superação dos problemas relacionados ao acesso aos serviços é condição básica para enfrentar a questão.OBJECTIVES: to assess infant mortality notification to the Mortality Information System (MIS and other notification sources support in Bom Conselho, Pernambuco, PE, 1999. METHODS: case study using child mortality data from homes in Bom Conselho collected by the municipal and state databanks, complemented by an active search in civil registration offices, healthcare units, cemeteries and communities, healthcare agents and traditional midwives. Household investigations was performed for all deaths and used to validate addresses. The percentage of

  10. Maternal mortality due to arterial hypertension in São Paulo City (1995-1999 A mortalidade materna devido a hipertensão arterial na cidade de São Paulo (1995-1999

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Pereira Vega

    2007-01-01

    ção de sulfato de magnésio em quatro deles. As principais causas determinantes do óbito foram: o acidente vascular cerebral (44,4%, o edema agudo de pulmão (24,6% e as coagulopatias (14,1%. A cesárea foi realizada em 85 (59,9% casos e o parto vaginal em 15 (16,0%. Em 28 (19,7% casos não foi realizada nenhuma conduta para interromper a gravidez e em 14 (9,8% não se obteve relato do procedimento. CONCLUSÃO: As complicações da hipertensão arterial no ciclo gravídico-puerperal determinam altos índices de mortalidade materna na cidade de São Paulo. A realização de um pré-natal de qualidade e o atendimento apropriado da gestante hipertensa no parto e no pós-parto são medidas de fundamental importância para um melhor controle desse evento, sendo primordial para a redução dessas ocorrências.

  11. Fatores de risco para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRANDÃO Carlos Manuel de Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade hospitalar em reoperações valvares. MÉTODO: Foi realizada análise prospectiva de 194 pacientes submetidos a reoperações valvares no período entre julho de 1995 e junho de 1999. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, classe funcional, número e tipo de operações prévias, intervalo entre as operações, caráter da operação, creatinina sérica, fração de ejeção do ventrículo esquerdo, diâmetros diastólico e sistólico do ventrículo esquerdo, pressão sistólica de ventrículo direito, atividade de protrombina, relação do tempo de tromboplastina parcial ativada, contagem de plaquetas, tempo de circulação extracorpórea, tempo de pinçamento aórtico, posição e número de valvas, tipo de procedimento, operações associadas e volume de sangramento intra-operatório. Análise univariada e multivariada foi realizada para determinar os fatores de risco para mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A mortalidade hospitalar foi de 8,8% (17 pacientes. A análise univariada identificou as seguintes variáveis associadas a maior mortalidade: classe funcional avançada, fração de ejeção do ventrículo esquerdo baixa, atividade de protrombina baixa, creatinina elevada, tempo de circulação extracorpórea prolongado, tempo de pinçamento aórtico prolongado, procedimentos associados e volume de sangramento intra-operatório elevado. Na análise multivariada foram significativas: classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos. CONCLUSÕES: As variáveis classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos são fatores de risco independentes para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares.

  12. Desigualdades educacionales en mortalidad y supervivencia de mujeres y hombres de las Américas, 1990-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Haeberer

    2015-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analizar la magnitud y tendencias de las desigualdades educacionales en mortalidad y supervivencia de mujeres y hombres entre países de las Américas. MÉTODOS: Se calcularon métricas de brecha y gradiente de desigualdad en mortalidad adulta, edad promedio de muerte, esperanza de vida y esperanza de vida saludable, según nivel educativo entre países en hombres y mujeres para 1990 y 2010. RESULTADOS: Entre 1990-2010 el promedio de años de escolaridad aumentó de 8 a 10 sin diferencia entre sexos. La tasa de mortalidad adulta (15-59 años no cambió: 1,9 por 1 000 mujeres y 3,7 por 1 000 hombres. El índice de desigualdad de la pendiente aumentó de -1,0 a -2,0 por 1 000 mujeres y de -1,2 a -4,4 por 1 000 hombres. La esperanza de vida aumentó de 75,6 a 78,7 años en mujeres y de 68,9 a 72,4 en hombres; la desigualdad absoluta disminuyó de 7,8 a 7,2 años en mujeres y aumentó de 7,2 a 9,2 años en hombres. La esperanza de vida saludable aumentó de 63,7 a 65,9 años en mujeres y de 59,5 a 62,5 años en hombres; el índice de desigualdad de la pendiente se redujo de 6,9 a 5,8 años en mujeres y aumentó de 6,9 a 7,8 años en hombres. CONCLUSIONES: Entre países de las Américas, los hombres tienen mayor riesgo de morir, mueren más tempranamente y viven menos años libres de enfermedad y discapacidad que las mujeres; el nivel educativo es un determinante de la mortalidad y la sobrevida en ambos sexos y las desigualdades educacionales son más pronunciadas y ascendentes entre hombres y desproporcionadamente concentradas en las poblaciones socialmente más desaventajadas.

  13. Factores de riesgo de mortalidad precoz del Trasplante Pulmonar

    OpenAIRE

    Kreis Esmendi, Germán

    2006-01-01

    Consultable des del TDX Títol obtingut de la portada digitalitzada A pesar de la experiencia acumulada, la mortalidad postoperatoria temprana del trasplante pulmonar continua siendo elevada. Los factores asociados a este evento permanecen siendo controvertidos. Objetivo: Revisar la serie de trasplantes pulmonares realizados en el Hospital Vall d' Hebron para establecer la supervivencia acumulada e identificar los factores asociados con riesgo de mortalidad postoperatoria precoz. Pacient...

  14. Mortalidade infantil por causas evitáveis em uma cidade do Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelayne Gonçalves do Nascimento

    2014-04-01

    Full Text Available Estudo de corte transversal que objetivou descrever a ocorrência da mortalidade infantil em Recife (PE entre 2000 e 2009, segundo causas evitáveis. A população foi composta pelos óbitos infantis de mães residentes na cidade do Recife e a classificação de evitabilidade adotou a Lista de causas de mortes evitáveis por intervenções do Sistema Único de Saúde. Para análise dos dados utilizou-se estatística descritiva. Foi observado decréscimo no coeficiente de mortalidade infantil de 20,4 para 12,1 por 1.000 nascidos vivos. Do total de 3.743 óbitos registrados, 2.861 (76,4% foram classificados como evitáveis. Destacaram-se os óbitos reduzíveis por adequada atenção à mulher na gestação. A abordagem da evitabilidade auxilia nas discussões relacionadas à organização, qualidade e acesso aos serviços de saúde, bem como na identificação dos óbitos que poderiam ter sido prevenidos ou evitados por uma adequada atenção à saúde materno-infantil.

  15. Morte : conceito, factores determinantes e sua previsibilidade

    OpenAIRE

    Mesquita, Inês Batista Marques

    2010-01-01

    Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Medicina Interna), apresentado à Faculdade de Medicina de Universidade de Coimbra INTRODUÇÃO: Actualmente o sistema de saúde e os profissionais de saúde são confrontados com situações de final da vida e com os dilemas éticos subjacentes à questão da morte encarando-a como um fracasso uma vez que estão formados para curar. As questões éticas sobre a morte, o moribundo ou o direito de autonomia do doente no final da vida são das áreas mais co...

  16. O escore de risco de sangramento como preditor de mortalidade em pacientes com síndromes coronarianas agudas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Nicolau

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ocorrência de sangramento aumenta a mortalidade intra-hospitalar em pacientes com síndromes coronarianas agudas (SCAs, e há uma boa correlação entre os escores de risco de sangramento e a incidência de eventos hemorrágicos. No entanto, o papel dos escores de risco de sangramento como fatores preditivos de mortalidade é pouco estudado. OBJETIVO: Analisar o papel do escore de risco de sangramento como fator preditivo de mortalidade intra-hospitalar numa coorte de pacientes com SCA tratados num centro terciário de cardiologia. MÉTODOS: Dos 1.655 pacientes com SCA (547 com SCA com supra de ST e 1.118 com SCA sem supra de ST, calculou-se o escore de risco de sangramento ACUITY/HORIZONS prospectivamente em 249 pacientes e retrospectivamente nos demais 1.416. Informações sobre mortalidade e complicações hemorrágicas também foram obtidas. RESULTADOS: A idade média da população estudada foi 64,3 ± 12,6 anos e o escore de risco de sangramento médio foi 18 ± 7,7. A correlação entre sangramento e mortalidade foi altamente significativa (p < 0,001; OR = 5,29, assim como a correlação entre escore de sangramento e hemorragia intra-hospitalar (p < 0,001; OR = 1,058, e entre escore de sangramento e mortalidade intra-hospitalar (OR ajustado = 1,121, p < 0,001, área sob a curva ROC 0,753; p < 0,001. O OR ajustado e a área sob a curva ROC para a população com SCA com supra de ST foram 1,046 (p = 0,046 e 0,686 ± 0,040 (p < 0,001, respectivamente, e para SCA sem supra de ST foram 1,150 (p < 0,001 e 0,769 ± 0,036 (p < 0,001, respectivamente. CONCLUSÃO: O escore de risco de sangramento é um fator preditivo muito útil e altamente confiável para mortalidade intra-hospitalar em uma grande variedade de pacientes com SCAs, especialmente aqueles com angina instável ou infarto agudo do miocárdio sem supra de ST.

  17. Fatores socioeconómicos y mortalidad infantil en Ecuador, 1970-1981 Fatores socioeconômicos e mortalidade infantil no Equador, 1970-1981 Socioeconomic factors and infant mortality in Ecuador, 1970-1981

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo González Pérez

    1988-08-01

    Full Text Available En Ecuador la tasa de mortalidad infantil se redujo entre 1970 y 1981 en un 35%, a pesar de lo cual su valor sigue siendo elevado en el contexto latinoamericano. A nivel provincial, el comportamiento de la tasa no ha sido homogéneo, observándose fuertes diferencias entre las entidades en cuanto a la mortalidad durante el primer año de vida. Mediante el empleo de técnicas de regresión múltiple, pretendióse identificar aquellos factores socioeconómicos que más han incidido en el descenso de la mortalidad infantil en Ecuador en el período señalado, así como las variables que más explican las diferencias interprovinciales en dicho indicador. La disminución de la natalidad y el aumento proporcional de los gastos del presupuesto destinado a salud por una parte, y la tasa de alfabetización por otra parecen ser elementos claves para una explicación económico social de los cambios recientes en la mortalidad infantil ecuatoriana.No Equador entre os anos de 1970 a 1981 a taxa de mortalidade infantil reduziu em 35%, embora seu valor continua sendo elevado em relação ao contexto latinoamericano. A nível regional, o comportamento da taxa não tem sido homogêneo, observando-se diferenças significativas nas diversas regiões quanto a taxa de mortalidade durante o primeiro ano de vida. Com o emprego da técnica de regressão múltipla, pretendeu-se identificar aqueles fatores socioeconômicos que mais têm incidido no declínio da mortalidade infantil no Equador, no período acima descrito, bem como as variáveis que melhor explicam as diferenças inter-regionais do referido indicador. A diminuição da natalidade e o aumento proporcional de recursos financeiros destinados à saúde, por um lado, e a taxa de alfabetização por outro, parecem ser elementos chaves para uma explicação econômica social das mudanças recentes na mortalidade infantil equatoriana.In Equador infant mortality has dropped by 35% between 1970 and 1981, though this

  18. Mortalidade por causas relacionadas ao aborto no Brasil: declínio e desigualdades espaciais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Gil de Carvalho Lima

    2000-03-01

    Full Text Available Além de constituir causa freqüente de internamentos obstétricos em países pobres, o aborto representa a incapacidade do sistema público de saúde de prover informação suficiente sobre métodos contraceptivos para prevenir gestações em vez de interrompê-las. No Brasil, as altas taxas de utilização de serviços de saúde por abortamentos refletem as dificuldades persistentes de contracepção e planejamento familiar. Além disso, a mortalidade por aborto serve como indicador da qualidade dos procedimentos abortivos, um ponto importante num país onde tal prática é ilegal e, portanto, clandestinamente realizada. No presente estudo, analisamos as taxas de mortalidade por causas relacionadas ao aborto entre mulheres de 10 a 54 anos de idade, incluindo aquelas que morreram por abortamentos espontâneos e provocados, de 1980 a 1995, segundo região de residência. As informações utilizadas foram obtidas do banco de dados sobre mortalidade do Sistema Único de Saúde --Ministério da Saúde. Dados sobre população foram obtidos junto à Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estudaram-se 2 602 óbitos. Do total de óbitos, 15% foram devidos a aborto retido, aborto espontâneo e aborto induzido com indicação legalmente admitida. Oitenta e cinco por cento dos óbitos foram causados por aborto induzido sem indicação legalmente admitida e por aborto sem causa especificada. Os coeficientes de mortalidade por causas relacionadas ao aborto têm decrescido continuamente no Brasil, mas tais avanços têm-se distribuído desigualmente no país. A região que apresentou a menor queda na taxa (38% em 15 anos foi o Nordeste. As mulheres que morreram por aborto tiveram uma média de idade decrescente no período estudado.

  19. Mortalidade por acidentes de trânsito e homicídios em Curitiba, Paraná, 1996-2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayckel da Silva Barreto

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: descrever a tendência da mortalidade por homicídios e acidentes de trânsito de residentes em Curitiba, Paraná, Brasil, no período 1996-2011. MÉTODOS: estudo ecológico de séries temporais com dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade; a análise de tendência foi realizada por modelos de regressão polinomial, segundo sexo. RESULTADOS: o coeficiente de mortalidade por acidentes de trânsito no sexo masculino declinou de 61,7 em 1996 para 28,4 em 2011 (-46%, e no feminino, de 16,5 para 7,3 óbitos por 100 mil habitantes (-44,2%; o coeficiente de mortalidade por homicídios entre os homens elevou-se de 32,5 para 69,3 (+113,2% e, entre as mulheres, de 4,4 para 5,3 óbitos por 100 mil habitantes (+20,4%. CONCLUSÃO: a mortalidade por homicídios aumentou; estratégias de prevenção das violências devem ser direcionadas às especificidades das causas externas e à maior exposição dos homens a esses agravos.

  20. Some determinantal inequalities for Hadamard and Fan products of matrices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Xiaohui Fu

    2016-10-01

    Full Text Available Abstract In this note, we generalize some determinantal inequalities which are due to Lynn (Proc. Camb. Philos. 60:425-431, 1964, Chen (Linear Algebra Appl. 368:99-106, 2003 and Ando (Linear Multilinear Algebra 8:291-316, 1980.

  1. Mortalidade por leucemias relacionada à industrialização Mortality by industrialization-related leukemias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmen Helena Seoane Leal

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial da mortalidade por leucemia na população, buscando identificar agregados e estabelecer sua relação com os níveis de industrialização. MÉTODOS: O estudo foi realizado nas 43 regiões de governo do Estado de São Paulo, no qüinqüênio 1991-1995. Foi construído um "índice de industrialização relativo à leucemia" (IIRL baseado no número de indústrias e empregos industriais por 100.000 habitantes, valor adicionado fiscal, variedade de ramos industriais e indústrias com potenciais exposições de risco para a leucemia. O IIRL foi distribuído em cinco categorias. Verificaram-se os coeficientes padronizados de mortalidade por leucemia em cada uma das regiões, também distribuídos em cinco categorias e comparados ao mapa IIRL. RESULTADOS: As regiões mais industrializadas em ordem decrescente foram Campinas, Piracicaba, Jundiaí, Sorocaba e São Paulo. Não foi encontrada associação entre mortalidade, por nenhum tipo de leucemia, e industrialização. A região de Jales foi a que apresentou o mais alto coeficiente padronizado de mortalidade por leucemia. CONCLUSÕES: A distribuição da mortalidade por leucemia ocorreu de forma homogênea no Estado de São Paulo, não apresentando correlação com o nível de industrialização. Entretanto, aspectos relacionados ao método epidemiológico adotado -- estudo ecológico -- e ao uso do parâmetro "mortalidade por leucemia", doença cujo prognóstico tem mudado muito nas últimas décadas, limitaram a interpretação dos resultados.OBJECTIVE: To analyze the spatial distribution of mortality by leukemia in the population, looking for clusters, and to establish an association with the level of industrialization. METHOD: The study was carried out in 43 state regions of the state of São Paulo, Brazil, in the period between 1991 and 1995. It was created an Index of Industrialization-Related Leukemia (IIRL based on number of manufactures and

  2. Tendências na incidência e mortalidade por acidentes de trabalho no Brasil, 1998 a 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Souza e Silva de Almeida

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi avaliar as tendências na incidência e mortalidade por acidentes de trabalho no Brasil, de 1998 a 2008. Trata-se de estudo ecológico de séries temporais, que incluiu, para a análise, os acidentes de trabalho registrados nas estatísticas oficiais do Governo Federal. Foram calculadas as variações percentuais anuais (APC nas taxas de incidência e de mortalidade, através da modelagem pelo método Joinpoint, usando o ano calendário como variável regressora. Observou-se tendência significativa de decréscimo na taxa de incidência de acidentes de trabalho, o mesmo ocorrendo para os acidentes de trabalho típicos. Para ambos, o número de casos aumentou nesse período. O número de casos de acidentes de trabalho de trajeto e sua incidência mostraram tendência significativa de aumento. O número de óbitos e a taxa de mortalidade registraram tendência de decréscimo. São discutidos como fatores contribuintes para o declínio das taxas de incidência de acidentes de trabalho e de mortalidade por esta causa: melhoria das condições de trabalho, maior crescimento do setor de serviços do que do setor industrial, subnotificação dos acidentes de trabalho e terceirização dos serviços. O aumento dos acidentes de trabalho de trajeto sugere a influência da violência dos centros urbanos.

  3. La vida: medición y análisis de la mortalidad

    OpenAIRE

    Rodríguez Jaume, María José

    2008-01-01

    Presentación de: las fuentes demográficas para el estudio de la mortalidad, de las características de la mortalidad como fenómeno demográfico; y de los conceptos con los que se operacionaliza el fenómeno demográfico objeto de estudio. Introduccion en la medición del fenómeno de la mortalidad de la mano de tres indicadores: Tasa Bruta de Mortalidad, Tasas Específicas de Mortalidad, Tasa de Mortalidad Infantil.

  4. Factores socioeconomicos asociados a la mortalidad postneonatal en Cuba Fatores sócio-econômicos associados à mortalidade pós-neonatal em Cuba Socioeconomic factors associated with postneonatal mortality in Cuba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guillermo Gonzalez Perez

    1990-04-01

    Full Text Available Se intentam identificar aquellos factores socioeconomicos que puedan ser considerados como factores de riesgo, tanto de la mortalidad postneonatal como de la exógena, asi como su relevancia social, para Cuba en 1982. Mediante un estudio caso-control basado en una muestra nacional de fallecidos menores de un ano y sobrevivientes a la misma edad - para cuyo analisis se emplearon técnicas asociadas a la regresión logística - se pudo estimar el riesgo relativo; el riesgo atribuible y las probabilidades de morir en presencia o ausencia de los factores identificados. Los resultados apuntan hacia la carencia de servicios sanitarios en el interior de la vivienda y el hacinamiento - 3 o mas personas por habitación - como los factores de riesgo mas trascendentes tanto para propiciar la mortalidad postneonatal como la exógena. Se ratifica la condición de "reserva" que posee el componente postneonatal para la redución ulterior de la mortalidad infantil en el pais.Foram identificados os fatores sócio-econômicos que podem ser considerados de risco para a mortalidade pós-neonatal e mortalidade exógena, e seu impacto social em Cuba, em 1982. Realizou-se estudo caso-controle baseado numa amostra nacional dos óbitos menores de um ano, e dos sobreviventes da mesma idade. Os dados foram analisados com o emprego da técnica de regressão logística, para calcular o risco relativo, o risco atribuível e a probabilidade de morte na presença desses fatores. Os resultados indicaram que a falta de instalações sanitárias no domicílio e o excesso de pessoas em cada moradia (3 pessoas e mais por habitação são os mais fortes fatores de risco tanto para a morte pós-neonatal como por causa exógena. Foi confirmada a importância da redução da mortalidade pós-neonatal e exógena para a diminuição da taxa de mortalidade infantil em Cuba.Economic and social risk factors for both postneonatal and exogenous mortality are evaluated for Cuban children for

  5. Morbilidad y mortalidad materna en una institución de salud en el año 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia E. Guerra Gutiérrez

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Analizar la morbilidad y mortalidad materna en una institución de salud en 2012. Materiales y método: Estudio descriptivo transversal retrospectivo. La población estudiada fue tomada de la base datos del Comité materno-infantil del Hospital Universidad del Norte (HUN. Casos que clasificaron en los criterios MME establecidos durante 2012. Ya obtenida la información, en el análisis de los datos se utilizó la herramienta Statgraphics, para gestionar y analizar los valores estadísticos. También se utilizó Microsoft Word y Excel para organizar gráficos, tablas y redactar su respectivo análisis. Resultados: Del total de casos presentados, un alto porcentaje (97 % presentó morbilidad materna extrema, seguido de un 3 % que presentó mortalidad materna en 2012. Del total de casos presentados, un alto porcentaje (72 % se presentó en el primer semestre y un 28 % en el segundo semestre. Conclusión: Este tipo de análisis es el punto de partida para obtener una mayor comprensión del problema de Morbimortalidad Materna. Después de hacer una primera aproximación mediante la descripción de la situación, es decir, conocer los criterios que más incidencia tienen, el siguiente paso es identificar los factores determinantes que están influyendo para su presentación, pero ante todo, reconocer cuáles fueron las conductas o las condiciones que impidieron que estas madres murieran, con el fin de aplicar este conocimiento en la atención de futuras mujeres.

  6. Modelo basado en SIG para el estudio de la mortalidad por enfermedad cerebro-vascular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Tangarife Villa

    2013-06-01

    Full Text Available En los últimos 15 años el estudio para una de las tres primeras causas de muerte a nivel mundial –enfermedad cerebrovascular (ECV– se caracteriza por utilizar el enfoque epidemiológico tradicional y sus técnicas de análisis estadístico bivariado y multivariado orientadas a identificar su composición según variables de persona y explorar relaciones con sus determinantes pero sin impactar significativamente su ocurrencia, sin embargo, en el presente artículo se identifica como alternativa de análisis la modelación espacio-temporal con SIG a niveles de desagregación detallados; en este sentido el análisis comparativo de los modelos utilizados en los estudios conocidos, desvela el uso de datos y técnicas de análisis espacial básicas para identificar patrones como los evidenciados en los cinturones de diabetes y ECV en USA o el clúster colombiano de enfermedades del aparato circulatorio identificado en la región andina que sugiere un comportamiento similar para la ECV. El panorama anterior demanda la combinación de enfoques con énfasis en sus técnicas de análisis avanzadas –análisis multi-criterio, kriging, interpolación, correlación y regresión espacial– soportadas con SIG y por lo tanto, como contribución final se propone un modelo integrado dirigido a impactar positivamente la mortalidad por ECV.

  7. Mortalidade de infantil no município do Rio de Janeiro Mortalidad Infantil en el Municipio de Rio de Janeiro Child Mortality in Rio de Janeiro City

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia Neres Matos

    2007-06-01

    Full Text Available A taxa de mortalidade infantil é considerada indicador síntese da qualidade de vida e do nível de desenvolvimento de uma população. Este artigo analisa a evolução dessas taxas no Município do Rio de Janeiro, no período de 1979 a 2004, e as causas em 2004. Trata de estudo descritivo a partir do total de óbitos infantis e nascimentos ocorridos, utilizando-se os sistemas de informação produzidos pelo Ministério da Saúde. Para avaliação, segundo causa básica de morte, usou-se a Classificação Internacional de Doenças. As taxas de mortalidade infantil por mil nascidos vivos decresceram de 37,4 em 1979 para 15,1 em 2004, sendo o componente pós-neonatal o principal responsável por este declínio. Em 2004, as principais causas de óbito neonatais foram as afecções perinatais e as malformações congênitas; entre os óbitos pós-neonatais destacaram-se as doenças infecciosas e parasitárias, as causas mal definidas e as doenças respiratórias. Embora tenha sido observada queda da taxa de mortalidade infantil, esta não teve uma redução maior, devido ao pequeno declínio do componente neonatal precoce. Observou-se que a assistência à saúde da criança, no município do Rio de Janeiro, ainda deixa a desejar no que se refere à integralidade da assistência desde o período pré-natal.La tasa de mortalidad infantil es considerada indicador síntese de la calidad de vida y del nivel de desarrollo de una población. Este artículo analiza la evolución de esas tasas en la Ciudad del Rio de Janeiro, en el periodo de 1979 hasta 2004, y las causas en 2004. Tratase de un estudio descriptivo desde el total de fallecimientos infantiles y nacimientos ocurridos, usando los sistemas de informaciones producidos por el Ministerio de la Salud. Para la evaluación, según causa básica de muerte, fue usada la Clasificación Internacional de Enfermedades. Las tasas de mortalidad infantil por mil nacimientos vivos decrecieron de 37,4 en 1979

  8. Determinantes nutricionais e sóciodemográficos da variação de peso no pós-parto: uma revisão da literatura Nutritional and socio-demographic determinants of post-partum weight change: a literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Beatriz Trindade de Castro

    2009-06-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo de revisão sobre os fatores nutricionais e sócio-demográficos da variação de peso no pós-parto. Foi realizada uma busca bibliográfica nas bases de dados eletrônicas Scientific Eletronic Library On-line (SciELO, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE referente a literatura publicada na última década (1997-2008. Treze artigos, um informe técnico e dois livros considerados relevantes sobre o assunto e publicados anteriormente ao ano 1997 foram citados na revisão. A revisão priorizou estudos de ensaios clínicos randomizados e de seguimento realizados com gestantes e mulheres no pós-parto. Os resultados obtidos mostram como principais fatores associados com a variação de peso no pós-parto o ganho de peso gestacional acima das recomendações do Institute of Medicine, Índice de Massa Corporal Pré-Gestacional > 25 kg/m2, dieta, tempo e intensidade do aleitamento materno e os fatores sócio-demográficos: raça negra, primiparidade, idade materna, baixa renda e baixa escolaridade. A prática regular de atividade física é recomendada como uma estratégia para evitar o ganho de peso excessivo e melhorar a perda de peso durante o pós-parto. No Brasil não existe uma estratégia nacional para prevenir o ganho de peso excessivo e garantir a adequada perda de peso nesse período. Durante o pós-parto, a maioria das ações de saúde visa basicamente garantir o aleitamento materno.This study is a review of nutritional and sociodemographic factors determining post-partum weight variation. A bibliographical search was carried out on the electronic databases Scientific Eletronic Library On-line (SciELO, Latin-American and Caribbean Literature on Health Sciences (LILACS and Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE for titles published in the past decade (1997-2008. Thirteen articles, one technical

  9. Força muscular como determinante da eficiência do consumo de oxigênio e da máxima resposta metabólica ao exercício em pacientes com DPOC leve/moderada Muscle strength as a determinant of oxygen uptake efficiency and maximal metabolic response in patients with mild-to-moderate COPD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo de Tarso Guerrero Müller

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o comportamento de oxygen uptake efficiency slope (OUES, inclinação da eficiência do consumo de oxigênio com o do consumo de oxigênio no pico do exercício (VO2pico. MÉTODOS: Estudo prospectivo transversal envolvendo 21 pacientes (15 homens com DPOC leve/moderada que foram submetidos a espirometria, dinamometria de preensão palmar (DIN, teste cardiopulmonar de exercício e medida de lactato no pico do exercício (LACpico. RESULTADOS: A média de peso foi 66,7 ± 13,6 kg, e a de idade foi 60,7 ± 7,8 anos. Com exceção de VEF1 e relação VEF1/CVF (75,8 ± 18,6 do previsto e 56,6 ± 8,8, respectivamente, as demais variáveis espirométricas foram normais, assim como DIN. As médias, em % do previsto, para VO2pico (93,1 ± 15,4, FC máxima (92,5 ± 10,4 e OUES (99,4 ± 24,4, assim como a da taxa de troca respiratória (1,2 ± 0,1, indicaram estresse metabólico e hemodinâmico importante. A correlação entre o VO2pico e a OUES foi elevada (r = 0,747; p OBJECTIVE: To compare the behavior of the oxygen uptake efficiency slope (OUES with that of oxygen uptake at peak exertion (VO2peak. METHODS: This was a prospective cross-sectional study involving 21 patients (15 men with mild-to-moderate COPD undergoing spirometry, handgrip strength (HGS testing, cardiopulmonary exercise testing, and determination of lactate at peak exertion (LACpeak. RESULTS: Mean weight was 66.7 ± 13.6 kg, and mean age was 60.7 ± 7.8 years. With the exception of FEV1 and FEV1/FVC ratio (75.8 ± 18.6 of predicted and 56.6 ± 8.8, respectively, all spirometric variables were normal, as was HGS. The patients exhibited significant metabolic and hemodynamic stress, as evidenced by the means (% of predicted for VO2peak (93.1 ± 15.4, maximum HR (92.5 ± 10.4, and OUES (99.4 ± 24.4, as well as for the gas exchange rate (1.2 ± 0.1. The correlation between VO2peak and OUES was significant (r = 0.747; p < 0.0001. The correlation between HGS and VO2peak (r

  10. Determinantes da retenção de peso pós-parto segundo a cor da pele em mulheres do Rio de Janeiro, Brasil Determinants of postpartum weight retention according to skin color among women in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivyna Spinola Caetano Jordão

    2005-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar os fatores associados à retenção de peso pós-parto segundo a cor da pele. MÉTODOS: Foi conduzido um estudo de coorte com quatro ondas de seguimento: aos 15 dias e 2, 6 e 9 meses pós-parto. As 450 participantes do estudo (idade entre 15 e 45 anos foram recrutadas em uma maternidade e em um centro municipal de saúde localizados no Município do Rio de Janeiro, Brasil. A retenção de peso pós-parto foi definida como variável dependente. As co-variáveis investigadas foram idade da mãe, estado marital, habilidade para ler uma carta, hábito de fumar, renda familiar mensal em reais, número de filhos, idade ao primeiro parto e escore de atividade física no trabalho e no lazer. Os dados foram analisados em modelos de regressão linear longitudinal multivariados com efeitos mistos. RESULTADOS: Os fatores que permaneceram associados à retenção de peso pós-parto foram: para as mulheres brancas, tempo pós-parto (beta = -0,0061, valor P = 0,0002, estado marital (casada/ solteira beta = -0,9279, valor P = 0,0457 e idade ao primeiro parto (beta = -0,1553, valor P = 0,0364; para as pardas, tempo pós-parto (beta = -0,0062, valor P OBJECTIVE: To investigate factors associated with postpartum weight retention according to skin color in the city of Rio de Janeiro, Brazil, as part of the effort to help control overweight and obesity. METHODS: We carried out a cohort study with data collection at four points after delivery: 15 days, 2 months, 6 months, and 9 months. The 450 participants (15 to 45 years of age were recruited from a maternity center and a city health center in Rio de Janeiro. Postpartum weight retention was defined as the dependent variable. The following covariates were investigated: maternal age, marital status, ability to read a letter, smoking, monthly family income, number of children, age at first delivery, a score for physical activity at work, and a score for physical activity during leisure time. The

  11. Mortalidad por paludismo en Colombia, 1979-2008

    OpenAIRE

    Pablo Chaparro; Julio Padilla

    2012-01-01

    Introducción. En Colombia, el paludismo representa un grave problema de salud pública. Se estima que, aproximadamente, 60 % de la población se encuentra en riesgo de enfermar o de morir por esta causa. Objetivo. Describir la tendencia de la mortalidad por paludismo en Colombia desde 1979 hasta 2008. Materiales y métodos. Se llevó a cabo un estudio descriptivo para determinar la tendencia de las tasas de mortalidad. Las fuentes de información fueron las bases de datos de las defunciones...

  12. Mortalidad cardiovascular: ¿cómo prevenirla?

    OpenAIRE

    Estruch, Ramón

    2014-01-01

    El primer escalón en la prevención y tratamiento de muchas enfermedades crónicas como las enfermedades cardiovasculares es el seguimiento de una dieta saludable. Varios estudios epidemiológicos han mostrado que el seguimiento de una dieta mediterránea tradicional reduce la mortalidad global, la mortalidad cardiovascular y la incidencia de enfermedades crónicas como las cardiovasculares, el cáncer y las patologías neurodegenerativas. No obstante, un único estudio ha analizado los efectos de la...

  13. EFECTO DE LAS DESIGUALDADES SOCIOECONÓMICAS EN LA MORTALIDAD DE LA CIUDAD DE FORTALEZA, CEARÁ, BRASIL DURANTE EL AÑO 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danila Carneiro de Oliveira

    2010-01-01

    Full Text Available Fundamentos: Brasil es un ejemplo para estudiar la situación de la pobreza y sus determinantes, ya que posee una gran parte de la población pobre de América Latina y presenta gran potencial para erradicar esta pobreza. El presente trabajo pretende mostrar la asociación entre la mortalidad y el índice de pobreza en la ciudad de Fortaleza, capital del estado Ceará. Métodos: Estudio ecológico transversal, la unidad de análisis fueron los barrios de la ciudad de Fortaleza. Los datos de mortalidad se obtuvieron a través del Sistema Único de Salud, incluyendo todas las defunciones del año 2007 y sus causas. Los indicadores socioeconómicos y número de habitantes se extrajeron del Censo de Habitantes y Viviendas del Instituto Brasileño de Estadísticas del año 2000. Se calculó un índice compuesto de privación a partir de los principales indicadores simples de privación utilizando una técnica de agrupamiento tipo Cluster y se realizó un análisis de correlación para valorar la asociación entre nivel socioeconómico y mortalidad. El índice compuesto de privación se dividió en cinco grupos, el grupo 1 presentaba las mejores condiciones socioeconómicas y el 5 las peores. Resultados: Se observó asociación significativa del nivel socioeconómico con la mortalidad total (p<0,001, por enfermedades circulatorias (p<0,001 y por causas externas (p<0,001. Además, el 86% de los casos de agresión sucedieron en los grupos 4 y 5. Conclusiones: Existe relación directa entre la condición socioeconómica y la mortalidad total por causas circulatorias y por causas externas.

  14. Análise dos determinantes do endividamento das empresas de capital aberto do agronegócio brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Gama Fully Bressan

    2009-03-01

    Full Text Available Estudos sobre a estrutura de capital e a identificação de seus determinantes são temas relevantes nas pesquisas envolvendo a gestão financeira das empresas. Neste aspecto, o presente estudo teve como objetivo avaliar os determinantes da alavancagem das empresas do agronegócio brasileiro conforme o modelo de Rajan e Zingales (1995. Na definição da amostra, foram selecionadas 26 empresas que estavam enquadradas em alguma das três subdivisões do agronegócio brasileiro: a o setor de produção agropecuária; b setor fornecedor de insumos e fatores de produção e c setor de processamento e distribuição, com base em classificação da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. O estudo foi feito com base no banco de dados da Economática®, tendo sido utilizado o modelo de regressão com dados em painel. Os resultados indicaram que as variáveis tangibilidade dos ativos, oportunidadede crescimento, tamanho e lucratividade foram estatisticamente significantes e podem ser interpretadas como fatores determinantes do endividamento das empresas do agronegócio brasileiro. Conclui-se, ainda, que o modelo estimado por meio da regressão com dados em painel gerou resultado compatível com aqueles preconizados pela pecking order theory.Studies involving capital structure and the identification of its determinants are relevant issues in the field of corporate finance management research. In this regard, the present study intends to evaluate the determinants of corporate leverage in the Brazilian agribusiness sector using the model of Rajan and Zingales (1995. In the definition of the sample there were selected 26 companies that are classified in one of three subdivisions of the Brazilian agribusiness sector: a the agriculture or cattle raising; b inputs or production factors and c processing and distribution sector, using as reference the CNA classification. The study used data from the Economatica® database, with the adoption of

  15. Evolução da mortalidade materna na 15a regional de saúde de Maringá, Estado do Paraná, entre 1989 e 2000 Maternal mortality evolution at the XV Maringá Health Center, state of Paraná, from 1989 to 2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Marisa Pelloso

    2002-04-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo descrever e analisar as causas e as taxas dos óbitos ocorridos entre as mulheres em idade fértil. Os dados foram colhidos através das declarações de óbito e das fichas de investigação do Comitê Regional de Mortalidade Materna de Maringá, Estado do Paraná, no período de 1989 a 2000. Os resultados mostram que o coeficiente de mortalidade materna é alto na região. Outro dado importante é a questão do sub registro dos óbitos. Em relação às causas de óbito materno, verificou-se que as obstétricas diretas, ou seja, as causas previníveis são as de maior incidência. Os números são absolutamente necessários para se ter uma visão do quadro epidemiológico e uma base sólida para ações. Eles permitem identificar os problemas e as falhas e possibilitam a formulação de propostas intervencionistas no sentido de diminuir os coeficientes de mortalidade maternaThis paper had the aim to describe and analyze the causes and death rates of females in fertile time. Data were collected from death certificates and investigation records of the Regional Committee of Mothers’ Death Rate in Maringá, state of Paraná, between 1980 and 2000. Results show that coefficient of mothers’ death rate is still high in the region under analysis. Other important data refer to details in these certificates. With regard to death causes, it has been verified that direct obstetric causes, that is, causes that could have been easily avoided were highest. Data are absolutely necessary so that one may have a precise idea of the epidemic picture and a solid base for triggering proceedings. In fact, if data identify problems and deficiencies, they also help in interventionist suggestions to decrease the coefficients of mothers’ death rate

  16. Perfil de mortalidade por causas externas entre Adventistas do Sétimo Dia e a população geral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Costa Velten

    Full Text Available Resumo Este estudo teve por objetivo comparar o perfil de mortalidade por causas externas entre Adventistas do Sétimo Dia e população geral do Espírito Santo no período de 2003 a 2009. Realizou-se busca dos Adventistas no banco nominal do Sistema de Informação sobre Mortalidade de posse das informações dos Adventistas fornecidas pelas sedes administrativas da instituição. Os óbitos por causas externas ocorridos no período estudado foram então separados em dois grupos: Adventistas e população geral. Os Adventistas apresentaram menor mortalidade proporcional por causas externas (10% que a população geral (19%, sendo o sexo masculino o principal responsável por essa diferença. Em ambos os grupos os óbitos predominaram na faixa de 20 a 29 anos. As mortes por causas acidentais foram mais expressivas entre os Adventistas (68,08% enquanto as mortes por causas intencionais relacionadas às agressões e lesões autoprovocadas foram mais significativas na população geral (53,67% de todas as mortes. A razão de mortalidade padronizada para as causas externas foi 41,3, sendo assim ser Adventista reduziu a mortalidade em 58,7%. Acredita-se que o benefício dos Adventistas verificado em relação à mortalidade por causas externas possa estar relacionado à recomendação de abstinência do consumo de álcool por esse grupo.

  17. Avaliação da prevalência e de determinantes nutricionais e sociais do excesso de peso em uma população de escolares: análise transversal em 5.037 crianças Evaluation of the prevalence and nutritional and social determinants of overweight in a population of schoolchildren: a cross-sectional analysis of 5,037 children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Filla Rosaneli

    2012-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência e os determinantes nutricionais e sociais do excesso de peso em uma população de escolares no sul do Brasil. MÉTODOS: Estudo descritivo transversal com 5.037 crianças de ambos os sexos, entre seis e 10,9 anos, de escolas públicas e privadas de Maringá, Paraná. A avaliação de fatores associados ao excesso de peso (sobrepeso e obesidade incluiu gênero, idade, tipo de escola, nível socioeconômico, instrução do chefe da família, hábitos alimentares e meio de deslocamento à escola. Após análise univariada (teste exato de Fisher, foi ajustado um modelo de Regressão Logística e considerado o teste de Wald para a tomada de decisão (p OBJECTIVE: To evaluate the prevalence and nutritional and social determinants of overweight in a population of schoolchildren in Southern Brazil. METHODS: Cross-sectional descriptive study of 5,037 children of both genders, between 6 and 10.9 years of age, from public and private schools of Maringá, Paraná, Brazil. Evaluation of factors associated with excess weight (overweight and obesity included gender, age, school type, socioeconomic level, education of the head of the family, eating habits, and means of commuting to school. After univariate analysis (Fisher's exact test, we adjusted a logistic regression model and used Wald's test for decision-making (p < 0.05. RESULTS: The mean age was 8.7 ± 1.3 years, with 52.8% females; 79.1% of the students attended public school and 54.6% had families of socioeconomic class A or B. Regarding nutritional status, 24% of children were overweight (7% obesity, 17% overweight. Being male, attending a private school, and having a head of the family with over four years of education were significantly associated with excess weight. In relation to food, inadequate intake of carbohydrates was associated with a 48% greater chance of overweight/obesity (p < 0.001; OR: 1.48; 95% CI: 1.25-1.76. CONCLUSION: The prevalence of overweight

  18. Valor preditivo da distensão de alças intestinais em radiografias no prognóstico de enterocolite necrosante Dilatation of bowel loops on radiological images: prognostic value in necrotizing enterocolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Lahan Martins

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o valor prognóstico da distensão de alças intestinais observada em radiografias na evolução e mortalidade de neonatos com enterocolite necrosante. MATERIAIS E MÉTODOS: Nas radiografias de abdome de 53 pacientes obtidas no momento da suspeita diagnóstica de enterocolite necrosante, foi realizada a medida do diâmetro da alça mais distendida (AD, assim como a distância entre a borda superior da primeira vértebra lombar e a borda inferior da segunda (L1-L2, a distância entre as bordas laterais dos pedículos da primeira vértebra lombar (L1, e foram estabelecidas as associações entre AD/L1-L2 e AD/L1. Esta medida foi considerada como possível determinante de potenciais complicações, intervenção cirúrgica e mortalidade. RESULTADOS: Os pacientes que necessitaram de tratamento cirúrgico, aqueles que tiveram complicações durante a evolução e aqueles que morreram da doença tiveram a relação entre AD e AD/L1-L2 maiores (p OBJECTIVE: To evaluate the prognostic value of bowel loops dilatation as a finding on radiographs in the development and mortality of neonates with necrotizing enterocolitis. MATERIALS AND METHODS: On abdominal radiographs of 53 patients for diagnostic suspicion of necrotizing enterocolitis, the major diameters of dilated bowel loops (AD were measured, as well as the distance between the upper border of the first lumbar vertebra and the lower border of the second one (L1-L2, and the distance between the lateral borders of the first lumbar vertebra (L1 pedicles, and the subsequent association between AD/L1-L2, AD/L1. This measure was considered as a possible determining factor for potential complications, surgical intervention and mortality. RESULTS: The patients who needed surgical management and who had complications during progression and died of the disease had showed increased AD and AD/L1-L2 (p < 0.05. AD/L1 values and site of the most dilated bowel loop were not different in the groups

  19. Necessidades proteicas, morbidade e mortalidade no paciente grave: fundamentos e atualidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Haroldo Falcão Ramos da Cunha

    2013-03-01

    Full Text Available Evidências recentes sugerem que o balanço proteico negativo secundário à doença grave se associa ao aumento de morbidade. A perda da proteína corporal total é inevitável nesse cenário, mesmo com uma abordagem nutricional agressiva, e resulta, principalmente, do catabolismo da fibra muscular esquelética. O principal mecanismo bioquímico e metabólico envolvido nesse processo é o sistema ubiquitina-proteassoma, que, paradoxalmente, consome a adenosina trifosfatocomo fonte energética e motriz. É possível que a neutralidade do balanço proteico nessas instâncias clínicas, seja tão importante na melhora dos desfechos quanto atingir a meta calórica estimada ou medida pela calorimetria indireta. Estudos recentes apontam a utilização de concentrações mais elevadas de proteínas na terapia nutricional do paciente grave como importante para um impacto positivo na mortalidade. A proposta deste trabalho foi revisar alguns princípios da terapia nutricional relativos ao metabolismo proteico, sinalizar para as principais assertivas das diretrizes das sociedades especializadas e comentar estudos recentes, que abordam a questão em tela, sob a visão crítica da experiência clínica dos autores.

  20. Áreas de polígonos via determinantes

    OpenAIRE

    Zerbinatti, Paulo Henrique [UNESP

    2015-01-01

    The aim of this work is to present a study on areas of polygons through their vertex coordinates. We treat the subject using determinants of order 2 and basic Euclidean Geometry O objetivo deste trabalho e apresentar um estudo sobre o c alculo de areas de pol gonos atrav es das coordenadas de seus v ertices. Faremos isto utilizando determinantes de ordem 2 e conceitos b asicos de Geometria Euclidiana Plana

  1. Determinantes sociales de la salud y el trabajo informal

    OpenAIRE

    Consuelo Vélez Álvarez; María del Pilar Escobar Potes; María Eugenia Pico Merchán

    2013-01-01

    Objetivo: Describir elementos teóricos sobre los determinantes sociales de la salud en la población trabajadora informal y condiciones sociales, modos de vida y repercusiones en el proceso salud-enfermedad. Estrategia de búsqueda: Búsqueda sistemática en bases de datos especializadas (Ovid, Proquest, Hinary, Medline, LILACS, Literatura gris). Se utilizaron las siguientes palabras claves: condiciones sociales, factores socioeconómicos, fuerza de trabajo, empleo; de igual forma se retoman texto...

  2. Mortalidade por homicídios no Brasil na década de 90: o papel das armas de fogo

    OpenAIRE

    Peres,Maria Fernanda Tourinho; Santos,Patrícia Carla dos

    2005-01-01

    OBJETIVO: Descrever a evolução da mortalidade por homicídio no Brasil, na década de 1990, buscando analisar a contribuição das armas de fogo. MÉTODOS: Estudo ecológico descritivo de série temporal para o período 1991 a 2000. Dados sobre óbitos por causas externas, segundo local de residência, foram obtidos para a população total e grupos de sexo. A fonte de dados utilizada foi o Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/Datasus). Os homicídios foram classificados em ...

  3. Mortalidad infantil: Análisis de un decenio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogelio León López

    1998-12-01

    Full Text Available Se efectúo un estudio descriptivo y retrospectivo con la finalidad de conocer el comportamiento de la mortalidad infantil en el policlínico docente "30 de Noviembre" durante el decenio 1985-1994. El universo de estudio estuvo conformado por los 29 fallecidos menores de un año ocurridos en el período referido en dicha área de salud. Se calculó la tasa de mortalidad infantil en sus diferentes componentes en cada año motivo de estudio. Se encontró que la tasa de mortalidad infantil en nuestra área tiene un comportamiento cíclico, que la mortalidad neonatal precoz fue la que más fallecidos aportó y que las principales causas de muerte fueron la sepsis, el bajo peso al nacer y la hipoxia. Se enfatiza en la importancia de establecer un Plan de Medidas encaminado a disminuir la mortalidad infantil del áreaA descriptive and retrospective study was conducted aimed at knowing the behavior of infant mortality rate at the "30 de Noviembre" Teaching Polyclinic from 1985 to 1994. The 29 infants under one year who died in that health area during that period were studied. Infant mortality rate in its different components was calculated by every year under study. It was found that infant mortality rates in our area had a cyclical behavior, that early neonatal mortality had the highest number of deaths, and that the main cause of death were sepsis, low birth weight and hypoxia. Emphasis is made on the need of implementing a plan of measures to reduce infant mortality rate in the area

  4. Mortalidade infantil evitavel e barreiras de acesso a atencao basica no Recife, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lygia Carmen de Moraes Vanderlei

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores que influenciam na mortalidade infantil evitável na perspectiva dos protagonistas envolvidos. MÉTODOS: Estudo qualitativo crítico-construtivista de análise do acesso das crianças à atenção e à mortalidade infantil evitável por ações e serviços no Distrito Sanitário I do Recife, PE, entre fevereiro de 2007 e fevereiro de 2008. Desenhou-se amostra teórica em duas etapas: I instituições prestadoras de serviços de saúde infantil; II informantes: gestores (11; profissionais da Estratégia de Saúde da Família e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (48; profissionais das policlínicas (12, mães (20, com tamanho definido por saturação dos discursos. Foram realizadas entrevistas individuais semiestruturadas e estudo de caso de óbito infantil evitável. Utilizou-se análise temática de conteúdo com geração mista de categorias (emergentes e roteiro. RESULTADOS: Houve posições de conflito entre grupos de atores, refletindo o papel desempenhado na rede assistencial. Os participantes institucionais relacionavam os óbitos infantis à ausência/má divulgação das políticas de saúde infantil e das ações intersetoriais; profissionais e mães destacaram dificuldades de acesso por insuficiência global de recursos, principalmente a falta de médicos na Estratégia de Saúde da Família, deslocando a assistência para enfermeiras. Ausência de médicos, rechaço às doenças agudas, atenção desumanizada e/ou de má qualidade técnica foram os principais fatores relacionados aos óbitos pelas mães. Os participantes da Estratégia de Saúde da Família, do Programa de Agentes Comunitários de Saúde e mães identificaram a condição de exclusão social e negligência materna com os óbitos enquanto o estudo de caso de óbito mostrou sua associação à baixa qualidade da atenção ofertada. CONCLUSÕES: Numerosas barreiras de acesso apontam a insuficiente implantação do Sistema

  5. Mortalidade e incapacidade por doenças relacionadas à exposição ao tabaco no Brasil, 1990 a 2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Piassi de São José

    Full Text Available RESUMO: Introdução: A epidemia global do tabaco já assumiu proporções de pandemia, com cerca de 1,3 bilhão de usuários e 6 milhões de mortes anuais. Objetivo: Este trabalho teve como objetivo analisar as tendências de mortalidade por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC e câncer de pulmão, lábios, cavidade oral, faringe e esôfago, no Brasil, entre 1990 e 2015. Métodos: O estudo foi viabilizado mediante parceria entre o Instituto Métricas e Avaliação em Saúde (IHME, da Universidade de Washington, Ministério da Saúde e o grupo técnico GBD Brasil, utilizando análise de estimativas do estudo Carga Global de Doenças 2015. Resultados: As taxas de mortalidade por DPOC caíram, já que, em 1990, foi de 64,5/100.000 habitantes e, em 2015, 44,5, queda de 31%. Para os vários tipos de câncer relacionados ao tabaco, a queda foi em menor proporção do que a verificada para DPOC. A mortalidade por câncer de pulmão permaneceu estável, com taxa de 18,7/100.000 habitantes, em 1990, e 18,3/100.000 habitantes, em 2015. Entre as mulheres, observa-se curva ascendente, com aumento de 20,7%. Discussão: O estudo aponta o tabaco como fator de risco para mortalidade prematura e incapacidades por DPOC e câncer. A importante redução da prevalência do tabaco nas últimas décadas poderia explicar reduções nas tendências de doenças relacionadas com o tabaco. A maior mortalidade por câncer de pulmão em mulheres pode expressar o aumento tardio do tabagismo nesse sexo. Conclusão: Ações nacionais nas últimas décadas têm tido grande efeito na diminuição da mortalidade de doenças relacionadas ao tabaco, mas ainda há grandes desafios, principalmente quando se trata de mulheres e jovens.

  6. Discrete Approximations of Determinantal Point Processes on Continuous Spaces: Tree Representations and Tail Triviality

    Science.gov (United States)

    Osada, Hirofumi; Osada, Shota

    2018-01-01

    We prove tail triviality of determinantal point processes μ on continuous spaces. Tail triviality has been proved for such processes only on discrete spaces, and hence we have generalized the result to continuous spaces. To do this, we construct tree representations, that is, discrete approximations of determinantal point processes enjoying a determinantal structure. There are many interesting examples of determinantal point processes on continuous spaces such as zero points of the hyperbolic Gaussian analytic function with Bergman kernel, and the thermodynamic limit of eigenvalues of Gaussian random matrices for Sine_2 , Airy_2 , Bessel_2 , and Ginibre point processes. Our main theorem proves all these point processes are tail trivial.

  7. Fatores de risco para mortalidade em octogenários submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isaac Newton Guimarães

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Idade maior a 80 anos não é, por si só, o único fator de risco para a mortalidade em revascularização miocárdica. OBJETIVO: Identificar fatores de risco para a mortalidade em pacientes octogenários submetidos a revascularização miocárdica. MÉTODOS: Estudamos 164 pacientes, com idade igual ou maior a 80 anos. As variáveis estudadas foram: sexo, idade (em anos, fração de ejeção do ventrículo esquerdo (FEVE, reoperação, cirurgia de emergência, número de artérias revascularizadas, uso da artéria torácica interna esquerda (ATIE, uso de circulação extracorpórea (CEC, cirurgia associada, revascularização da artéria interventricular anterior (AIVA e uso de balão intra-aórtico (BIA. A análise estatística foi feita por meio de análises descritiva, univariada e multivariada por regressão logística. Foram considerados significância estatística os valores de p < 0,05, e a análise multivariada foi realizada com variáveis cujo valor era p < 0,20. RESULTADOS: A mortalidade foi de 11%. Na análise univariada, evidenciou-se que baixa FEVE (p = 0,008, cirurgia de emergência (p < 0,001 e uso de balão intra-aórtico (p = 0,049 relacionaram-se à maior chance de mortalidade. Ao ajustar pela regressão logística, revelou-se que a idade acima de 85 anos correlacionou-se com uma chance de mortalidade 6,31 vezes maior (p = 0,012 e que a cirurgia de emergência esteve relacionada a uma chance de mortalidade 55,39 vezes maior (p < 0,001. CONCLUSÃO: Em octogenários submetidos a cirurgia de revascularização miocárdica, idade superior a 85 anos e cirurgia de emergência são fatores preditivos importantes de maior mortalidade.

  8. Determinantes da qualidade da informação contábil no contexto internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sady Mazzioni

    2016-01-01

    Full Text Available El objetivo del estudio es analizar la influencia del grado de internacionalización de las empresas, junto con las normas reguladoras y con los incentivos empresariales, in la calidad de la información contable. Por lo tanto, la investigación descriptiva, documental y cuantitativa se realizó con 1.406 empresas ubicadas en doce países. La muestra fue considerada por las compañías con información sobre sus ingresos y activos en el exterior, además de otra información necesaria para poner en práctica los atributos de calidad de acumulaciones, la persistencia, la previsibilidad y suavización de los resultados. Después de la medición individual de cada atributo por compañía, fue elaborado un ranking de calidad de la información contable, desde el método de análisis multicriterio TOPSIS y la técnica de la entropía. Los resultados indicaron que, al considerar el entorno legal, el nivel de percepción de la corrupción y el origen legal de los países anfitriones de las empresas, un menor apalancamiento financiero y la mayor intensidad en la internacionalización de las empresas han demostrado ser factores decisivos para la mejor posición en el ranking la calidad de la información contable.

  9. Trauma da Veia Porta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Pereira Fraga

    Full Text Available OBJETIVO: O trauma da veia porta é raro e freqüentemente fatal por causa de exsanguinação e alta incidência de lesões de estruturas adjacentes. Devido às pecualiaridades desta lesão e diferentes condutas propostas na literatura, o objetivo dos autores é relatar a experiência neste tipo de lesão. MÉTODO: Estudo retrospectivo, de janeiro de 1994 e dezembro de 2001, de 1370 pacientes submetidos à laparotomia devido trauma abdominal. Entre esses, 15 pacientes apresentavam lesão da veia porta. As lesões foram classificadas conforme a sua extensão e localização. RESULTADOS: O mecanismo de trauma predominante foi o penetrante. O diagnóstico da lesão foi realizado no intraoperatório. Os procedimentos executados foram: sutura, anastomose término-terminal e ligadura da veia porta. A mortalidade foi de 53,3%. CONCLUSÃO: A lesão da veia porta possui alta taxa de mortalidade e o atendimento adequado está diretamente relacionado à sobrevida.

  10. Determinantes del ingreso y del gasto corriente de los hogares

    OpenAIRE

    Muñoz C., Manuel

    2004-01-01

    Este ensayo de investigación empírica analiza los determinantes del ingreso y del gasto en los hogares colombianos. Utilizando un modelo del ciclo de vida con datos de la encuesta de hogares de 1994 y 1995, muestra que el comportamiento del ingreso está afectado principalmente por las características demográficas del hogar y los rasgos socio ocupacionales de sus miembros. El comportamiento del gasto está determinado ante todo por el ingreso y, en menor medida, por las características sociales...

  11. Obesidad y Mercado de Trabajo: Factores Determinantes e Implicaciones

    OpenAIRE

    Benítez Llamazares, Nuria

    2016-01-01

    El sobrepeso y la obesidad se definen de acuerdo con la Organización Mundial de la Salud (OMS) como “una acumulación anormal o excesiva de grasa que puede ser perjudicial para la salud”. Ambos conceptos, sobrepeso y obesidad, son considerados factores determinantes de riesgo en la salud de la población y en las últimas décadas hemos visto cómo los porcentajes de población con sobrepeso y obesidad se han incrementado de forma alarmante, especialmente en los países desarrollados....

  12. Ahorro para el retiro en Colombia: patrones y determinantes

    OpenAIRE

    Guataquí, Juan; Rodríguez Acosta, Mauricio; Garcia-Suaza, Andres

    2009-01-01

    La decisión de los individuos acerca del ahorro para el retiro ha sido abordada teóricamente bajo la hipótesis de que el sistema de seguridad social se comporta como un sustituto de otros mecanismos de ahorro. Este documento presenta evidencia de los patrones y determinantes del ahorro para el retiro en Colombia a partir de la Gran Encuesta Integrada de Hogares de 2007. Los resultados muestran que el 63% de los ocupados declaran no ahorrar para su vejez. A partir de modelos de selección d...

  13. MORTALIDAD INNECESARIAMENTE PREMATURA Y SANITARIAMENTE EVITABLE EN COSTA RICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Llorca Castro

    2010-01-01

    Full Text Available Fundamentos: Para desarrollar políticas y estrategias orientadas a mitigarlas es fundamental identificar las desigualdades. El objetivo del trabajo es analizar las variaciones de la Mortalidad Innecesariamente Prematura y Sanitariamente Evitable (MIPSE para cada uno de los 81 cantones de Costa Rica durante el período 2000-2005. Métodos: Se aplicó la clasificación MIPSE propuesta por miembros del Servicio de Información y Estudios de la Dirección General de Recursos Sanitarios de Catalunya. Mediante el empleo de el Indicador de Desarrollo Socioeconómico (IDSE establecido por economistas de la Universidad de Costa Rica, previa estandarización de la población, se ordenaron los cantones en grupos por quintiles (I el más rico, Vel más pobre. Resultados: Se encontraron como causas principales de mortalidad MIPSE la enfermedad isquémica del corazón (19,55% causas MIPSE, accidentes de tránsito con vehículos a motor (11,60%, enfermedades cerebrovasculares (6,95%, perinatal (6,92% y suicidios (5,14%. Conclusión: La mortalidad por HIVy el Sida, el cáncer de mamá en mujeres, cáncer de cuerpo de útero, cáncer de piel y por hepatitis secundaria al consumo de alcohol, afectan más a los cantones con mayores ingresos. La mortalidad por hiperplasia benigna de próstata, la materna asociada al embarazo, parto o puerperio y la hernia abdominal afectan más a los de menor nivel económico. Se identificaron dos grupos de MIPSE con desigualdad equidistribuida: leucemia y enfermedades cardiovasculares congénitas.

  14. Determinantes espaciais e socioeconômicos do suicídio no Brasil: uma abordagem regional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmilla R. C. Gonçalves

    2012-01-01

    Full Text Available A Organização Mundial da Saúde avalia o suicídio como um problema de saúde pública, estando entre as dez causas mais frequentes de morte, além de ser a segunda ou terceira causa de morte entre 15 e 34 anos de idade. Estimativas mostram que para cada suicídio, existem pelo menos dez tentativas suficientemente sérias que exigem atenção médica e para cada tentativa de suicídio registrada, existem quatro não conhecidas. O objetivo desse artigo é avaliar os determinantes socioeconômicos das taxas de suicídio por microrregiões brasileiras, levando em consideração aspectos espaciais do problema. A hipótese desse artigo é que existe um “efeito contágio” espacial para o suicídio, ou seja, as taxas de suicídio dos vizinhos de uma microrregião são importantes determinantes do comportamento dessa variável em outra microrregião. Para tal, são usadas técnicas de econometria espacial que permitem avaliar se existe dependência espacial entre as taxas de suicídio das microrregiões.

  15. Preditores de mortalidade hospitalar em pacientes com embolia pulmonar estáveis hemodinamicamente Predictores de mortalidad hospitalaria en pacientes con embolia pulmonar estables hemodinámicamente Predictors of hospital mortality in hemodynamically stable patients with pulmonary embolism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Volschan

    2009-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A embolia pulmonar apresenta alta mortalidade em pacientes com hipotensão arterial ou choque circulatório. Entretanto, em pacientes hemodinamicamente estáveis, a associação de algumas variáveis clínicas com a mortalidade ainda não está claramente estabelecida. OBJETIVOS: Derivar um modelo de estratificação do risco de mortalidade intra-hospitalar em pacientes com embolia pulmonar hemodinamicamente estáveis. MÉTODOS: Estudo de coorte multicêntrico prospectivo de 582 pacientes consecutivos que foram admitidos em unidades de emergência ou de terapia intensiva, com suspeita clínica de embolia pulmonar, e que tiveram o diagnóstico confirmado por meio de um ou mais dos seguintes exames: arteriografia pulmonar, angiotomografia computadorizada helicoidal, angioressonância magnética, ecodopplercardiograma, cintilografia pulmonar ou duplex-scan venoso. Os dados sobre características demográficas, comorbidades e manifestações clínicas foram coletados e incluídos em uma análise de regressão logística para compor o modelo de predição. RESULTADOS: A mortalidade global foi de 14,1%. Foram identificadas como variáveis independentes de risco de óbito: idade > 65 anos; repouso no leito > 72h; cor pulmonale crônico; taquicardia sinusal e taquipnéia. Após a estratificação por faixas de risco, observaram-se mortalidades de 5,4%, 17,8% e 31,3%, respectivamente nos subgrupos de baixo, moderado e alto riscos. O modelo mostrou sensibilidade de 65,5% e especificidade de 80%, com uma área sob a curva de 0,77. CONCLUSÃO: Em pacientes hemodinamicamente estáveis com embolia pulmonar, a idade > 65 anos, o repouso no leito > 72h, o cor pulmonale crônico, a taquicardia sinusal e a taquipnéia foram preditores independentes da mortalidade intra-hospitalar. Entretanto o modelo de predição necessita ser validado em outras populações para sua incorporação à prática clínica.FUNDAMENTO: La embolia pulmonar presenta alta

  16. FATORES DE RISCO MATERNOS E INFANTIS ASSOCIADOS À MORTALIDADE NEONATAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Munhoz Gaiva

    2016-01-01

    Full Text Available En este trabajo se estudiaron los factores materno-infantiles relacionados con la mortalidad neonatal, a partir de datos obtenidos de los Sistemas de Información de Nacidos Vivos y Mortalidad integrados por vinculación. Se analizaron 9.349 nacidos vivos en Cuiabá-MT, en 2010, 78 de los cuales murieron en el período neonatal. Se realizó análisis univariado y multivariado empleando la regresión logística. En el modelo múltiple, se mantuvo asociada con la mortalidad neonatal: la edad materna menor de 20 años; la prematuridad; bajo peso al nacer; Apgar menor a siete en el 1 y 5 minutos; y la presencia de anomalías congénitas. Los resultados indicaron la necesidad de mejorar la calidad de la atención prenatal, para la prevención del bajo peso al nacer y la prematuridad. La asociación entre la muerte neonatal y baja puntuación de Apgar en el 1 y 5 minutos indica, a su vez, la importancia de la atención del parto.

  17. Mortalidad infantil por defectos congénitos en Costa Rica, 1981-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María de la Paz Barboza-Arguello

    2013-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar las tendencias y el impacto de los diferentes tipos de defectos congénitos (DC en la tasa de mortalidad infantil (TMI y neonatal (TMN en Costa Rica para el período 1981-2010. MÉTODOS: Se analizaron datos del Centro Centroamericano de Población, que utiliza las versiones 9 y 10 de la Clasificación Internacional de Enfermedades para clasificar las causas de defunción. Se analizaron tendencias de mortalidad infantil, neonatal y residual. Para cada grupo de DC se construyó un modelo de regresión Poisson Log Lineal. Se obtuvieron las TMI y las TMN y los riesgos relativos correspondientes a las tres décadas 1981-1990, 1991-2000 y 2001-2010, con sus intervalos de confianza de 95% (IC95%. Los estimados se compararon mediante chi cuadrado de Wald. RESULTADOS: Al comparar la década de 1980 con la del 2000, la TMN y la TMI por DC presentó una disminución significativa de 2,37 (IC95%: 2,26-2,48 a 2,13 (2,03-2,23 y de 4,13 (3,99-4,27 a 3,18 (3,05-3,31, respectivamente. Los grupos de DC que registraron una reducción significativa en la TMI fueron: sistema nervioso, digestivo y circulatorio. Con excepción del sistema circulatorio, estos grupos experimentaron una caída significativa en la TMN. En el resto de los grupos se registró un aumento significativo o no hubo cambio. CONCLUSIONES: Se ha producido una disminución de la TMI y la TMN por DC, aunque proporcionalmente estas tasas han crecido debido a un mayor descenso de las otras causas. Esta reducción es mucho menor en la mortalidad neonatal. Se debe fortalecer la prevención primaria y la atención neonatal de los DC.

  18. Determinantes sociodemográficos, antropométricos e alimentares de dislipidemia em pré-escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana N. Nobre

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar os determinantes de dislipidemia em pré-escolares. MÉTODOS: A partir de um desenho transversal, foi avaliado um total de 227 pré-escolares com 5 anos de idade residentes em uma área urbana da cidade de Diamantina, Minas Gerais, Brasil. Foram avaliados: variáveis bioquímicas, antropométricas, condição socioeconômica e comportamental, a partir de um questinário; e ingestão alimentar, a partir de um questionário de fequência de consumo de alimentos. Os padrões alimentares denominados "dieta mista", "fast food" e "não saudável" foram identificados por meio de análise de componentes principais. Os determinantes de dislipidemia foram examinados através da análise de regressão de Poisson. RESULTADOS: A prevalência de dislipidemia, neste estudo, foi de 65,19%. Os pré-escolares que consumiam com menos frequência alimentos do padrão "dieta mista" tiveram um risco maior de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 2,30; p = 0,004, em comparação com aqueles com um consumo mais frequente do padrão "dieta mista". Os pré-escolares cujas mães apresentaram uma escolaridade mais baixa tiveram menor risco de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 0,43; p = 0,003, e os pré-escolares que estavam com sobrepeso/obesos apresentaram maior risco de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 2,23; p = 0,003. CONCLUSÃO: Os determinantes de dislipidemia identificados neste estudo foram o consumo menos frequente de alimentos do padrão "dieta mista", índice de massa corporal mais alto e um maior nível de escolaridade materna. Este estudo mostra que, apesar da baixa idade do grupo em estudo, já estão apresentando alta prevalência de dislipidemia, que é um fator de risco importante para doença cardiovascular.

  19. Mortalidad perinatal en el Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lizeth Diaz Ledesma

    2003-07-01

    Full Text Available Objetivo: Conocer la tasa de mortalidad perinatal en el Hospital Nacional Edgardo Rebagliati Martins y sus características. Materiales y Métodos: El estudio comprendió la revisión de todas las historias clínicas de gestantes portadoras de óbito fetal (mayor de 28 semanas de gestación o mayor de 1000gramos, de recién nacidos que fallecieron dentro de los primeros 7 días de vida y de sus madres durante el año 2000. Resultados: La tasa de mortalidad perinatal fue de 10.5 por mil nacidos vivos. La edad promedio materna fue de 31.6 años, + 5.9 y un rango entre 14 y 44 años. El 30.1% de partos correspondió a nulíparas, el 61.6% a multíparas y el 8.3% a gran multíparas. El promedio de visitas al control prenatal fue de 4.8 + 2.7. El 53.4% de las madres tuvo algún antecedente relacionado a mala historia obstétrica, siendo los más frecuentes historia de aborto previo (27.4%, cesárea anterior (13.7% y pre eclampsia (12.3%. Las causas asociadas a mortalidad perinatal fueron madres con pre eclampsia severa (38.4% y hemorragia en el tercer trimestre (15.1% y fetos con malformaciones congénitas severas (27.4%. La vía de parto fue abdominal en 68.5% y vaginal en 31.5%. Se tuvo 83.6% de gestaciones únicas y 16.4% de gestaciones múltiples. El peso de los productos fue 1985.2 + 945.8 gramos. El 61.6% de muertes perinatales correspondieron a prematuros. Conclusiones:La tasa de mortalidad neonatal en el HNERM durante el año 2000 fue de 10.5 por mil nacidos vivos y los factores relacionados a mortalidad perinatal fueron pre-eclampsia severa, malformaciones congénitas severas y hemorragias del tercer trimestre. ( Rev Med Hered 2003; 14: 117-121.

  20. Tráfego veicular e mortalidade por doenças do aparelho circulatório em homens adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mateus Habermann

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre indicadores de exposição à poluição por tráfego veicular e mortalidade por doenças do aparelho circulatório em homens adultos. MÉTODOS: Foram analisadas informações sobre vias e volume de tráfego no ano de 2007 fornecidas pela companhia de engenharia de tráfego local. Mortalidade por doenças do aparelho circulatório no ano de 2005 entre homens > 40 anos foram obtidas do registro de mortalidade do Programa de Aprimoramento de Informações de Mortalidade do Município de São Paulo, SP. Dados socioeconômicos do Censo 2000 e informações sobre a localização dos serviços de saúde também foram coletados. A exposição foi avaliada pela densidade de vias e volume de tráfego para cada distrito administrativo. Foi calculada regressão (α = 5% entre esses indicadores de exposição e as taxas de mortalidade padronizadas, ajustando os modelos para variáveis socioeconômicas, número de serviços de saúde nos distritos e autocorrelação espacial. RESULTADOS: A correlação entre densidade de vias e volume de tráfego foi modesta (r² = 0,28. Os distritos do centro apresentaram os maiores valores de densidade de vias. O modelo de regressão espacial de densidade de vias indicou associação com mortalidade por doenças do aparelho circulatório (p = 0,017. Não se observou associação no modelo de volume de tráfego. Em ambos os modelos - vias e volume de tráfego (veículos leves/pesados - a variável socioeconômica foi estatisticamente significante. CONCLUSÕES: A associação entre mortalidade por doenças do aparelho circulatório e densidade de vias converge com a literatura e encoraja a realização de mais estudos epidemiológicos em nível individual e com métodos mais acurados de avaliação da exposição.

  1. Hipertrofia ventricular e mortalidade cardiovascular em pacientes de hemodiálise de baixo nível educacional Hipertrofia ventricular y mortalidad cardiovascular en pacientes de hemodiálisis de bajo nivel educativo Ventricular hypertrophy and cardiovascular mortality in hemodialysis patients with low educational level

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana dos Santos e Silva Martin

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertrofia ventricular esquerda é potente preditor de mortalidade em renais crônicos. Estudo prévio de nosso grupo mostrou que renais crônicos com menor escolaridade têm hipertrofia ventricular mais intensa. OBJETIVO: Ampliar estudo prévio e verificar se a hipertrofia ventricular esquerda pode justificar a associação entre escolaridade e mortalidade cardiovascular de pacientes em hemodiálise. MÉTODOS: Foram avaliados 113 pacientes entre janeiro de 2005 e março de 2008 e seguidos até outubro de 2010. Foram traçadas curvas de sobrevida comparando a mortalidade cardiovascular, e por todas as causas dos pacientes com escolaridade de até três anos (mediana da escolaridade e pacientes com escolaridade igual ou superior a quatro anos. Foram construídos modelos múltiplos de Cox ajustados para as variáveis de confusão. RESULTADOS: Observou-se associação entre nível de escolaridade e hipertrofia ventricular. A diferença estatística de mortalidade de origem cardiovascular e por todas as causas entre os diferentes níveis de escolaridade ocorreu aos cinco anos e meio de seguimento. No modelo de Cox, a hipertrofia ventricular e a proteína-C reativa associaram-se à mortalidade por todas as causas e de origem cardiovascular. A etiologia da insuficiência renal associou-se à mortalidade por todas as causas e a creatinina associou-se à mortalidade de origem cardiovascular. A associação entre escolaridade e mortalidade perdeu significância estatística no modelo ajustado. CONCLUSÃO: Os resultados do presente trabalho confirmam estudo prévio e demonstram, ademais, que a maior mortalidade cardiovascular observada nos pacientes com menor escolaridade pôde ser explicada por fatores de risco de ordem bioquímica e de morfologia cardíaca.FUNDAMENTO: La hipertrofia ventricular izquierda es potente predictor de mortalidad en renales crónicos. Estudio previo de nuestro grupo mostró que renales crónicos con menor

  2. Incremento na mortalidade associada à presença de diabetes mellitus em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gimeno Suely Godoy A.

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Como parte de um estudo envolvendo migrantes japoneses (issei e seus descendentes (nisei, residentes na cidade de Bauru no Estado de São Paulo, descrevem-se e comparam-se os coeficientes de mortalidade (CM observados para o período de 1993 a 1996 em indivíduos com graus diferentes de tolerância à glicose. MATERIAL E MÉTODO: Nesse estudo, em 1993, a coorte era composta por 530 nipo-brasileiros (236 issei e 294 nisei, de ambos os sexos, com idade entre 40 e 79 anos, sendo que 91 indivíduos (17% foram classificados como diabéticos não dependentes de insulina (DMNDI, 90 (17% como portadores de tolerância à glicose diminuída (TGD e 349 (66% como normais quanto à tolerância à glicose. Em 1996 foram identificados os óbtos ocorridos e obtidas informações dos familiares e dos certificados de óbito para o registro da data e da causa da morte. Calcularam-se, para os três grupos de indivíduos, os CM brutos e ajustados, por todas as causas e por causas específicas (doenças circulatória e renal. O modelo de Cox foi utilizado para a comparação dos CM ajustados segundo idade, sexo, geração, creatinina sérica, presença de hipertensão arterial, de dislipidemia e de obesidade. RESULTADOS E CONCLUSÕES: As razões entre os CM brutos de indivíduos diabéticos e normais foram 2,95 (IC 95%: 1,10 -7,62 para os óbitos ocorridos por todas as causas e 4,75 (IC 95%: 1,31 - 16,48 para os óbitos por causas específicas. Não foram observadas diferenças estatisticamente significantes entre os CM brutos de indivíduos com TGD quando comparados aos indivíduos normais. Após o ajuste simultâneo pelas variáveis de controle, observou-se que, entre os indivíduos diabéticos, a força de mortalidade por causas específicas foi aproximadamente 4 vezes aquela observada entre os indivíduos normais (Razão dos CM: 3,86 e IC 95%: 1,11 -13,38. Os resultados em nipo-brasileiros são consistentes com outros obtidos em populações diab

  3. FATORES SOCIOAMBIENT AIS DETERMINANTES DE PARASITOSES INTESTINAIS NA LOCALIDADE HOMERO FIGUEIREDO, FEIRA DE SANTANA, BAHIA, BRASIL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alany Santos Oliveira

    2015-01-01

    Full Text Available As parasitoses intestinais são doenças cujos agentes etiológicos são helmintos ou protozoários,que se apresentam de forma endêmica em diversas áreas do Brasil, constituindo-se em um dosprincipais problemas de saúde pública, devido ao difícil acesso ao saneamento básico e àeducação pela população mais carente, já que a transmissão desses agentes está diretamenterelacionada com as condições de vida e de higiene da população. O presente trabalho teve comoobjetivo identificar os fatores socioambientais determinantes na disseminação de helmintos eprotozoários entre os indivíduos da localidade Homero Figueiredo, Feira de Santana - BA, localque possui abastecimento de água e esgotamento sanitário. Para isso, foram aplicadosformulários individuais e familiares, a fim de verificar os aspectos epidemiológicos dapopulação em estudo. Além disso, foi realizado o parasitológico de fezes da população, parapesquisa de helmintos e protozoários. A partir dos resultados obtidos no inquérito realizado edas análises parasitológicas, pôde-se constatar que houve positividade em relação às parasitosesintestinais, apesar da presença de condições mínimas de saneamento, como abastecimento deágua e coleta e tratamento de esgoto, e que alguns hábitos podem implicar em riscos decontaminação por parasitos. Diante do exposto, conclui-se que o índice de parasitos e comensaisintestinais em uma localidade está associado a fatores culturais e econômicos, bem como ascondições ambientais presentes no local de habitação e convívio social. Há de se considerar que,além da melhoria das condições sócio-econômicas e da infraestrutura geral, é necessário,também, o engajamento comunitário que é um dos aspectos fundamentais para implantação,desenvolvimento e sucesso dos programas de controle.

  4. Fatores de mortalidade em micro e pequenas empresas: um estudo na região central do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidineia Santini

    2015-04-01

    Full Text Available As micro e pequenas empresas assumem papel importante para as economias locais e regionais. Grande parte desses empreendimentos não consegue prosperar e se manter no mercado por mais de meia década, apresentando mortalidade precoce. Mediante a isto, o presente trabalho é caracterizado como uma survey descritiva, visto que se consideram, no mesmo, os principais passos para esclarecimento a respeito de sobrevivência das micro e pequenas empresas. Desta forma, o objetivo foi identificar os fatores causadores da mortalidade dessas empresas na região central do estado do Rio Grande do Sul. Para tanto, a pesquisa agregou uma amostra de 60 empreendimentos. Utilizou-se para a coleta dos dados um questionário estruturado, no qual se identificou onze principais fatores causadores da mortalidade das empresas. Concluiu-se que existe relação entre os fatores encontrados na pesquisa com resultados obtidos por outros autores em estudos anteriores.

  5. O Impacto dos Vírus Hepatotrópicos no Paciente Infectado pelo HIV e o papel da elastometria transitória

    OpenAIRE

    Tuma, Paula [UNIFESP

    2010-01-01

    A doença hepática foi um evento negligenciado no paciente infectado pelo HIV por muitos anos, principalmente em virtude da alta mortalidade por doenças oportunistas relacionadas á síndrome da imunodeficiência adquirida (aids). Com o advento da terapia antirretroviral de grande atividade (HAART), a mortalidade relacionada às doenças oportunistas caiu substancialmente e a mortalidade por doenças hepáticas emergiu como uma das principais causas de morte não relacionadas à aids. Desde o reconheci...

  6. Mortalidade por cirrose, câncer hepático e transtornos devidos ao uso de álcool: Carga Global de Doenças no Brasil, 1990 e 2015

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Souto Melo

    Full Text Available RESUMO: Introdução: O uso de álcool é um dos principais fatores de risco preveníveis para mortalidade ou incapacidade prematuras. Objetivo: Descrever as estimativas de mortalidade e anos de vida perdidos por morte prematura (YLL por cirrose, câncer hepático e transtornos devidos ao uso de álcool no Brasil e suas unidades da federação (UFs, em 1990 e 2015. Métodos: Estudo descritivo com dados do estudo de Carga Global de Doenças (2015 e do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM. Modelos estatísticos foram empregados para obter estimativas corrigidas de mortalidade pelas causas selecionadas. As taxas de mortalidade foram padronizadas por idade (TMPI. Resultados: Em 1990, foram estimados 16.226 óbitos para as 3 condições (17,0/100 mil habitantes, enquanto em 2015 foram 28.337 (15,7/100 mil habitantes. Houve redução da mortalidade (por 100 mil habitantes por cirrose (de 11,4 para 9,5 e estabilidade por câncer hepático (1,5 e 1,9 e transtornos devidos ao uso de álcool (4,1 e 4,3. As TMPI foram 5,1 vezes maiores entre os homens, e as 5 UFs com maiores TMPI e YLL foram da Região Nordeste: Sergipe, Ceará, Pernambuco, Paraíba e Alagoas. As taxas de mortalidade e de YLL pelas três condições estudadas ascenderam no ranking das causas de óbito, em ambos os sexos, exceto a cirrose no feminino. Conclusão: As três condições estudadas são responsáveis por importante carga de mortalidade prematura no Brasil, principalmente entre homens e residentes na região nordeste. Esses resultados reforçam a necessidade de políticas públicas para o enfrentamento ao consumo nocivo do álcool no Brasil.

  7. Análise dos Determinantes do Disclosure Verde em Relatórios Anuais de Empresas Listadas na BM&FBOVESPA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Henrique Figueira Marquezan

    2015-04-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é identificar os determinantes da evidenciação ambiental pelas organizações. Para tanto, selecionou-se uma amostra de organizações listadas na BM&FBovespa, classificadas nos níveis de alto, médio e pequeno impacto ambiental, conforme Lei nº 10.165/2000. Para a construção da variável dependente, procedeu-se a uma análise léxica utilizando um conjunto de expressões referentes ao disclosure verde. Na sequência, as hipóteses de Murcia, Fávero, Rover, Lima, & Lima (2008 e outras duas foram analisadas. Por meio das análises de conteúdo e léxica, os resultados apontaram as palavras e composição de expressões mais utilizadas e associadas entre si e os níveis de disclosure verde das organizações. Pela análise de regressão buscou-se confirmar as hipóteses desenvolvidas. Alguns determinantes foram confirmados, porém, problemas de heterocedasticidade e não normalidade da distribuição dos resíduos inviabilizaram o teste de hipóteses. Tais resultados sugerem que os problemas identificados nessa pesquisa podem não ter sido considerados por Murcia et al. (2008, uma vez que não foram mencionados. Assim, há uma recomendação de novas pesquisas com discussões adicionais sobre novas variáveis para identificar os determinantes do disclosure verde.

  8. Desigualdades na mortalidade por suicídio entre indígenas e não indígenas no estado do Amazonas, Brasil

    OpenAIRE

    Souza, Maximiliano Loiola Ponte de; Orellana, Jesem Douglas Yamall

    2013-01-01

    OBJETIVO: Analisar as taxas e algumas características da mortalidade por suicídio entre indígenas e não indígenas no Amazonas. MÉTODO: Estudo de coorte retrospectiva, em que os dados de óbito foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade e os populacionais no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foram utilizados todos os registros de suicídio do período de 2006-2010 e a interpolação geométrica anual para a estimação das subpopulações. RESULTADOS: Ocorreram 688 suicídio...

  9. Consumidor de livros – variáveis determinantes do perfil do comportamento de compra no varejo on-line

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Romeiro

    2015-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é identificar variáveis que mais diferenciam o perfil do comportamento de compra do consumidor de livros no varejo on-line. Para tanto, além da revisão da literatura que destaca o ambiente de mudanças rápidas no varejo, no qual a tecnologia da informação vem ganhando mais importância no relacionamento entre os consumidores e varejistas, foi realizada uma pesquisa descritiva quantitativa com cem consumidores de livros na cidade de São Paulo. O modelo de análise dos dados baseou-se na técnica de regressão logística binária. As análises indicaram que, do grupo de variáveis utilizadas na pesquisa, duas delas – quantidade de livros lidos no último ano e utilização do celular para acessar a internet – podem ser determinantes do comportamento do consumidor e orientadoras da decisão de compra de livros nas lojas on-line. Os resultados podem servir de base para novos estudos e simulações que contribuam para ampliar o conhecimento sobre os consumidores, cada vez mais conectados, e orientar os varejistas a entender e atender melhor as necessidades desses consumidores.

  10. Mortalidade e o tempo de internação em uma unidade de terapia intensiva cirúrgica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abelha Fernando José

    2006-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Em cuidados intensivos os resultados podem ser relacionados aos índices de mortalidade ou morbidade. Quando avaliada de forma isolada, a mortalidade é uma medida insuficiente do resultado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI; o tempo de internação pode ser uma medida indireta do resultado relacionado com a morbidade. O objetivo do presente estudo foi avaliar a incidência e os fatores preditivos para mortalidade e tempo de internação dos pacientes admitidos numa UTI cirúrgica. MÉTODO: Participaram deste estudo prospectivo, realizado, entre abril e julho de 2004, todos os 185 pacientes submetidos a procedimentos programados ou de emergência, admitidos numa UTI cirúrgica. Foram registrados os seguintes parâmetros: idade, sexo, altura e peso, temperatura central estado físico segundo a ASA, tipo de intervenção cirúrgica, porte cirúrgico, técnica anestésica, quantidade e qualidade de fluídos administrados durante a anestesia, monitorização da temperatura ou de técnica de aquecimento corporal peri-operatório, duração da anestesia, tempo de permanência na UTI e no hospital e escore SAPS II. RESULTADOS: O tempo médio de internação na UTI foi de 4,09 ± 10,23 dias. Fatores de risco significativos para permanências mais prolongadas na UTI foram o valor do escore SAPS II, estado físico ASA, quantidade administrada, durante a intervenção cirúrgica, de colóides, unidades de plasma fresco e unidades de concentrados de hemáceas. Quatorze pacientes (7,60% morreram durante a internação na UTI e 29 (15,70% morreram durante a internação hospitalar. Fatores de risco independentes de mortalidade com diferença estatística significativa foram intervenções cirúrgicas de emergência, de grande porte, escores altos SAPS II, permanência prolongada na UTI e no hospital. Fatores protetores com diferença estatística significativa para risco de morte hospitalar foram baixo peso corporal e baixo

  11. Desigualdades na mortalidade por suicídio entre indígenas e não indígenas no estado do Amazonas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maximiliano Loiola Ponte de Souza

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as taxas e algumas características da mortalidade por suicídio entre indígenas e não indígenas no Amazonas. MÉTODO: Estudo de coorte retrospectiva, em que os dados de óbito foram obtidos no Sistema de Informações sobre Mortalidade e os populacionais no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foram utilizados todos os registros de suicídio do período de 2006-2010 e a interpolação geométrica anual para a estimação das subpopulações. RESULTADOS: Ocorreram 688 suicídios no Amazonas, dos quais 19,0% em indígenas. A taxa ajustada de mortalidade por suicídio (TAMS nos indígenas, de 18,4/100 mil, foi 4,4 vezes superior a dos não indígenas. A TAMS em indígenas aumentou 1,6 vez em 2010 em relação a 2006. Nos municípios de Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira, as TAMS foram muito altas, 75,8 e 41,9/100 mil, respectivamente. CONCLUSÕES: Evidenciou-se o comportamento desigual das taxas de mortalidade por suicídio entre indígenas e não indígenas, expondo não só sua importância local, como também sua invisibilidade como problema de saúde pública, principalmente entre jovens 15 e 24 anos.

  12. Patrones Geográficos de la Mortalidad y de las Desigualdades Socioeconómicas en Mortalidad en España

    OpenAIRE

    Laura Reques; Estrella Miqueleiz; Carolina Giráldez García; Juana M. Santos; David Martínez; Enrique Regidor

    2015-01-01

    Las estimaciones sobre desigualdades socioeconómicas en mortalidad a partir de registros individuales de defunciones y población son escasas y proceden únicamente de la la ciudad de Barcelona, la Comunidad de Madrid y el País Vasco. El objetivo del presente estudio fue mostrar el patrón geográfico de mortalidad en diferentes grupos socioeconómicos, así como el de las desigualdades en mortalidad en el conjunto del territorio español. Métodos: Se realizó el seguimiento de todos los individuos ...

  13. Mortalidad atribuible al alcohol en Cataluña: 1994

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alsedá Graells Miquel

    1998-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: El objetivo de este estudio es evaluar la contribución del consumo de alcohol a la mortalidad en Cataluña durante 1994, así como su contribución a las muertes prematuras. MÉTODOS: En este estudio se han utilizado los datos de las causas de muerte en Cataluña durante 1994 del Servei d'Informació i Estudis de la Direcció General de Recursos Sanitaris del Departament de Sanitat i Seguretat Social de Catalunya. Las fracciones atribuibles al alcohol están basadas en las utilizadas en el estudio de la mortalidad relacionada con el alcohol en Estados Unidos en 1987. RESULTADOS: El 5,3% de las muertes en Cataluña durante 1994 estuvieron relacionadas con el consumo de alcohol. Esta mortalidad fue del 6,5% entre los hombres y del 3,9% entre las mujeres. La categoría diagnóstica que más contribuyó al número de muertes fue la de las neoplasias malignas (29,3%. El estudio de las muertes prematuras muestra que los accidentes no intencionales son la causa más importante (52,3%. En esta categoría diagnóstica los accidentes con vehículos a motor son los principales responsables de los años potenciales de vida perdidos (APVP. La media de APVP por cada muerte atribuible al alcohol hasta la edad de 65 fue de 7,5. CONCLUSIONES: Este estudio muestra la magnitud que tiene el alcohol como problema de salud pública en Cataluña.

  14. Revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea em idosos: análise da morbidade e mortalidade Off-pump myocardial revascularization in the elderly: analysis of morbidity and mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Rocha Pinto e Silva

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução intra-hospitalar de doentes com 70 anos de idade ou mais, submetidos a revascularização do miocárdio sem circulação extracorpórea, com uso de shunt intracoronário, operados na urgência, emergência e eletivamente. MÉTODOS: Foram submetidos à cirurgia 87 doentes com idade entre 70 e 92 anos de julho de 1989 a julho de 2005. Dos 87 doentes, 50 (57,5% eram portadores de angina instável, sendo três (3,4% na vigência de infarto agudo do miocárdio. Foram operados em caráter de emergência e urgência 31 (35,6% doentes. De todo o grupo, havia 13 (14,9% doentes com infarto ocorrido em até 30 dias e 34 (39,1% com infarto ocorrido há mais de 30 dias. RESULTADOS: As complicações mais freqüentes foram: fibrilação atrial (32,2%, insuficiência cardíaca congestiva (12,6%, broncopneumonia (10,3%, sepse (3,4%, infarto agudo do miocárdio peri-operatório (2,3%, mediastinite (1,1%, acidente isquêmico transitório (1,1%, pneumotórax (1,1%. O tempo médio de intubação foi de 18,50±19,09 horas; permanência em UTI, 2,92±2,03 dias, e hospitalar, 10,55±7,16 dias. Apenas nove (10,3% doentes receberam concentrado de hemácias no pós-operatório e nenhum foi reoperado por sangramento. A mortalidade hospitalar foi de 4,6%. CONCLUSÃO: Em doentes acima de 70 anos, operados na emergência, urgência e eletivamente, a revascularização do miocárdio sem extracorpórea com shunt intracoronário apresentou adequada evolução pós-operatória e baixos índices de complicações e mortalidade em relação à população estudada.OBJECTIVE: To analyze the in-hospital outcome of elderly patients aged 70 years and older who underwent off-pump coronary artery bypass graft surgery with an intraluminal shunt in urgent, emergent, and elective coronary revascularizations. METHODS: From July 1989 to July 2005, we analyzed 87 patients ranging in age from 70 to 92 years. Of the 87 patients enrolled, 50 (57.5% patients had

  15. Mortalidade materna no município do Rio de Janeiro: magnitude e distribuição La mortalidad materna en el municipio de Rio de Janeiro: magnitud y distribuición Maternal morbidity in the district of Rio de Janeiro: magnitude and distribution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enirtes Caetano Prates Melo

    2008-12-01

    Full Text Available A mortalidade materna é um evento traçador da assistência por ser evitável em 92% dos casos. Trata-se de um estudo descritivo de base populacional que analisou as declarações de óbito das mulheres de 10 a 49 anos no Município do Rio de Janeiro, 1996-2004. Foram utilizados os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, processados e mapeados através do TabWin. Verificou-se o predomínio do óbito materno entre mulheres solteiras e mulheres com 4 a 7 anos de estudo. A Razão de Mortalidade Materna permanece alta no município. Dois aglomerados chamam atenção na distribuição espacial dos óbitos maternos. O primeiro abrange a Zona Oeste e apresenta uma Razão de Mortalidade Materna muito alta. O segundo situa-se ao longo do subúrbio da Leopoldina e concentra uma mortalidade alta.La mortalidad materna es un acontecimiento que refleja de la asistencia prestada por expresar una muerte evitable en el 92% de los casos. Se trata de un estudio descriptivo de base poblacional que analizó los certificados de defunción de mujeres de 10 a 49 años, en la ciudad del Río de Janeiro, de 1996 a 2004. Fueron utilizados los datos del Sistema de Informaciones sobre Mortalidad, que fueran procesados y mapeados a través del TabWin. Se contató el predominio de la muerte materna en el grupo de mujeres solteras , con entre 4 a 7 años de formación . El indice de Mortalidad Materna sigue siendo alta en la ciudad. Dos aglomerados llaman la atención en la distribución espacial de las muertes maternas. El primero en la Zona Oeste que presenta indice de mortalidad materna muy alto . El segundo se situa a lo largo de la region de la Leopoldina donde se concentra un indice de mortalidad materna alto.Maternal mortality is an event that reflects the assistance provided because it deals with unavoidable deaths in 92% of the cases. This is a population-based study that analyzed the deaths certificates of women between 10 to 49 years in a Rio de

  16. Factores de riesgo para mortalidad en gangrena de Fournier

    OpenAIRE

    Azolas M,Rodrigo

    2011-01-01

    Introducción: La Gangrena de Fournier fue descrita por Fournier en 1883, es una fasceitis necrotizan-te que afecta la región perianal y genital. El objetivo del presente trabajo es analizar los factores de riesgo de mortalidad en pacientes portadores de Gangrena de Fournier y su relación con el score pronóstico FGSI (Fournier Gangrene Severity Index Score). Material y Método: Estudio prospectivo entre enero de 2000 y diciembre de 2007 en el Hospital Barros Luco Trudeau, que incluyó 31 pacient...

  17. Determinantes de la cuenta corriente en Colombia: un enfoque intertempora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elkin Castaño,

    1999-07-01

    Full Text Available Este trabajo pretende examinar los determinantes de la cuenta corriente en Colombia entre 1950 y 1997 a partir del enfoque intertemporal. Este plantea, en su forma más simple, que las desviaciones transitorias del ingreso, del consumo privado y del consumo público, afectan positivamente, en el primer caso, y negativamente, en el segundo y tercero a la cuenta corriente. Esto es, los agentes económicos financian las caídas transitorias del producto y los aumentos del consumo, con respecto a sus niveles permanentes, mediante mayores ahorros externos, generando un déficit en cuenta corriente. La comprobación econométrica arroja evidencia favorable al enfoque intertemporal utilizado. Los movimientos de la cuenta corriente parecen estar más estrechamente asociados con las variaciones en el ahorro que en la inversión.

  18. Determinantes del ingreso y del gasto corriente de los hogares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Muñoz C., Manuel

    2004-06-01

    Full Text Available Este ensayo de investigación empírica analiza los determinantes del ingreso y del gasto en los hogares colombianos. Utilizando un modelo del ciclo de vida con datos de la encuesta de hogares de 1994 y 1995, muestra que el comportamiento del ingreso está afectado principalmente por las características demográficas del hogar y los rasgos socio ocupacionales de sus miembros. El comportamiento del gasto está determinado ante todo por el ingreso y, en menor medida, por las características sociales del hogar y el gasto de otros hogares con características similares. También examina la influencia de la incertidumbre acerca de los ingresos en el gasto de los hogares para comprobar si estos actúan con motivos de precaución.

  19. Exportaciones del Valle del Cauca. Determinantes, comportamiento y prospectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dubán F. Peña Benítez

    2007-01-01

    Full Text Available Este trabajo centra su análisis en los determinantes de las exportaciones del Valle del Cauca en el periodo 1970 - 2004 y, en una predicción de corto y mediano plazo a través de un VAR y una función generalizada de impulso respuesta. Los hallazgos mostraron significancía de variables como el ingreso mundial (IM, el precio de los bienes exportables (TCR, los acuerdos comerciales (Aptdea y la dinámica de la oferta exportable (XV-1. La predicción para las exportaciones de la región estableció que la TCR tiene efectos positivos en el corto plazo, el ingreso mundial (IM impacta de forma positiva más en el largo que en el corto plazo y la variable acuerdos comerciales muestra importancia sólo de corto mas no de largo plazo.

  20. Mortalidad diaria en la comunidad de Madrid (1986-1991 para el grupo de 45 a 64 años: su relación con la temperatura del aire

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pajares Ortíz Mª Sierra

    1997-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTOS: Existen numerosos trabajos que relacionan la mortalidad con diferentes factores ambientales. Éstos se centran en la población general o en el grupo de personas mayores de 65 años, pero son escasos los que se refieren al grupo de 45 a 64 años, en el que la mortalidad tiene gran repercusión económica y social. El objeto del presente artículo es analizar la asociación existente entre la mortalidad diaria, tanto total como por diversas causas específicas, con la temperatura del aire en este grupo etario en la Comunidad de Madrid, de la cual las características climáticas extremas hacen especialmente interesante el trabajo. MÉTODOS: Se utiliza la modelización ARIMA según la metodología Box-Jenkins para el filtrado de las series de mortalidad diaria y de temperaturas. Entre los residuales se establecen funciones de correlación cruzada que permiten establecer una asociación entre las series eliminando los factores estacionales comunes, así como determinar el tiempo de desfase entre los extremos térmicos y los excesos de mortalidad. RESULTADOS: Existe una relación en forma de "V" entre la mortalidad diaria total y la temperatura. La mínima mortalidad se establece en una temperatura máxima diaria de 33ºC. La sobremortalidad por cada grado por debajo de 33ºC es del 0,8 %, mientras que por encima es del 3,0 %. Las funciones de correlación cruzada indican que esta asociación se da en los varones tanto por mortalidad total como por enfermedades circulatorias. En el caso de los altas temperaturas el efecto es inmediato, mientras que para las bajas hay que añadir otro efecto a los 10-13 días. CONCLUSIÓN: Existe una asociación estadísticamente significativa entre la mortalidad y los extremos térmicos en los varones de este grupo de edad. Los años potenciales de vida perdidos indican la magnitud del problema y la necesidad de articular medidas de prevención.

  1. Determinants of beta diversity: the relative importance of environmental and spatial processes in structuring phytoplankton communities in an Amazonian floodplain Determinantes da diversidade beta: a importância relativa de processos ambientais e espaciais na estrutura de comunidades fitoplanctônicas de uma planície de inundação amazônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ina de Souza Nogueira

    2010-09-01

    fatores locais (i.e. ambiente e regionais (i.e. dispersão na estrutura de comunidades. Os objetivos desse trabalho foram avaliar a diversidade beta da comunidade fitoplanctônica da planície de inundação do Curuaí e determinar a importância relativa dos processos ambientais e espaciais em sua estrutura; MÉTODO: A comunidade fitoplanctônica foi amostrada em 16 lagos da planície de inundação do Curuaí (Bacia Amazônica durante o período de águas altas em 2002 e 2003. Usou-se a análise de redundância parcial (pRDA para avaliar o efeito do ambiente (seis variáveis e espacial (filtros espaciais na variabilidade da composição da comunidade fitoplanctônica; RESULTADO: Foram registradas 156 espécies em dois anos de estudos, 122 espécies em 2002 e 66 espécies em 2003. A beta diversidade (índice βSIM foi 0.889 em 2002 e 0.789 em 2003. A análise de partição da variância revelou que a maior parte da variação da comunidade fitoplanctônica não foi significativamente explicada pelos únicos efeitos ambientais e espaciais. No entanto, as variáveis ambientais no presente estudo apresentaram maior coeficiente de determinação do que as variáveis espaciais; CONCLUSÃO: Outros fatores afetaram a ausência de resultados significativos nos presentes dados, como variáveis locais não mensuradas (i.e. interações biológicas, hidrologia e outros e eventos estocásticos. Dessa forma, sugerimos que variáveis como interações biológicas e outras variáveis locais sejam consideradas nesse tipo de análise para aumentar o poder de explicação e elucidar a variação da diversidade biológica.

  2. Projeção da mortalidade e internações hospitalares na rede pública de saúde atribuíveis à poluição atmosférica no Estado de São Paulo entre 2012 e 2030

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Guimarães Rodrigues

    2015-12-01

    Full Text Available No Brasil, os padrões nacionais de qualidade do ar são da década de 1990, desatualizados em relação aos internacionais, o que dificulta um controle eficaz dos níveis de poluição e contribui para a continuidade de mortes e internações. A fim de quantificar o montante de desfechos desfavoráveis de saúde em decorrência da concentração de material particulado no Estado de São Paulo, esse trabalho tem como objetivo realizar projeções de mortes, internações e gastos com internações públicas atribuíveis à poluição atmosférica, para o período de 2012 a 2030. Para isso foram considerados distintos cenários de poluição por material particulado fino (MP2,5, tomando-se como referência o ano-base 2011. Os resultados mostram que, mantendo o mesmo nível de poluição observado em 2011, haverá um total de mais de 246 mil óbitos por todas as causas entre 2012 e 2030, cerca de 953 mil internações hospitalares públicas e um gasto público estimado em internações de mais de R$ 1,6 bilhão. A magnitude dos resultados aponta para a necessidade de implementação de medidas mais rigorosas para o controle da poluição do ar, formas alternativas de energia limpa de transporte, entre outras ações, como forma de reduzir os danos à saúde da população e os gastos governamentais.

  3. Características epidemiológicas de la mortalidad neonatal en el Perú, 2011-2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeannette Ávila

    Full Text Available Objetivos. Describir las características epidemiológicas de las defunciones neonatales en el Perú. Materiales y métodos. Estudio descriptivo basado en notificaciones al Subsistema Nacional de Vigilancia Epidemiológica Perinatal y Neonatal (SNVEPN realizadas en los años 2011-2012. Se aplicó el método de captura y recaptura para calcular el subregistro de la notificación y estimar la tasa de mortalidad neonatal (TMN nacional y por departamentos. Se respondieron las preguntas dónde, cuándo, quiénes y por qué fallecen los recién nacidos (RN. Resultados. Se notificaron al SNVEPN 6748 defunciones neonatales, subregistro 52,9%. Se estimó una TMN nacional de 12,8 muertes/1000 nacidos vivos. Se encontró que 16% de las defunciones ocurrieron en domicilio y de estas 74,2% fueron en la región sierra, con predominio de zonas rurales y distritos pobres. El 30% falleció en las primeras 24 horas y el 42% entre los días 1 y 7 de vida. El 60,6% fueron RN prematuros y un 39,4% fueron RN de término. El 37% tuvieron peso normal, el 29,4% bajo peso y un 33,6%, muy bajo peso. La mortalidad neonatal evitable fue 33% siendo mayor en la zona urbana y sierra. El 25,1% falleció por causas relacionadas con la prematuridad-inmaturidad; 23,5% por infecciones; 14,1% por asfixia y causas relacionadas con la atención del parto y 11% por malformación congénita letal. Conclusiones. La mortalidad neonatal en el Perú es diferenciado por escenarios; mientras en la costa predominan los daños relacionados con prematuridad- inmaturidad, la sierra y selva registran mayor mortalidad neonatal evitable con predominancia de asfixia e infecciones

  4. Pathogenia da anemia na Ancylostomose: II - causas determinantes dos phenomenos regenerativos e degenerativos nessa anemia e contribuições para elucidar o seu mechanismo intimo Pathogenesis of Anaemia in Hookworm Disease: II - causes wich determine the regenerative and degenerative phenomena in this anaemia and contributions towards the elucidation of their inmost mechanism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. O. Cruz

    1934-12-01

    Full Text Available Estudamos 25 casos escolhidos de Ancylostomose, procurando determinar quaes os factores que provocam a regeneração hematica, procurando o mechanismo desta regeneração e o desenvolver do processo anemiante. Preferimos seleccionar um numero pequeno de casos e acompanhal-o durante um largo tempo, observando alguns delles durante 1 a 1 anno e meio. A parte hematologica constou, além de 568 exames rotineiros (numeração das hematias, dosagem de Hb., determinação do hematocrito, e na maioria das vezes, determinação da taxa de reticulocytose verificação do aspecto morphologico do sangue em esfregaços, de pesquisas sobre a resistencia globular, sobre a taxa de proteinas no sôro, e em alguns casos, contagem de plaquetas, determinação da viscosidade, etc. Empregamos para estas pesquizas os methodos usuaes, a não ser na determinação da resistencia globular, para a qual descrevemos detalhadamente um processo pouco usado. Durante todo o transcorrer das observações, a actividade biologica dos helminthos parasitos foi controlada por numerosos exames de fezes, que constavam da pesquiza de ovos eliminados, de reacções chimicas que demonstrassem a presença de sangue. Exames de urina foram feitos periodicamente e outros exames foram praticados quando sobrevinha uma complicação ou qualquer facto inesperado. Observamos nos casos graves da doença, uma anemia de caracteristicas fixas. E' uma anemia hypochromica, microcytica, fracamente regenerativa. Verificamos que a degeneração dos indices hematicos, isto é, que o grau de hypochromia e micocytose, não se apresentam nestes casos extremos de modo variavel, mas sim, de maneira particularmente constante; e verificamos mais que estes indices assim degenerados (Ind. Vol. 53 uc., Ind. Hb. 13 yy, Ind. Sat. 23% tambem são encontrados segundo observações de outros autores, em varias anemias hypochromicas humanas ou de outros mammiferos. No exame de esfregaços, são extremamente raros ou mesmo

  5. Ocupação e mortalidade na Marinha do Brasil Occupation and mortality in the Brazilian Navy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlene Silva

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a distribuição da mortalidade por doenças do aparelho digestivo, geniturinário e do sistema nervoso, de acordo com a ocupação entre militares da Marinha do Brasil. MÉTODOS: Estudo exploratório da mortalidade proporcional conduzido com militares do sexo masculino lotados na Marinha do Brasil, que faleceram no período de 1991 a 1995. A população do estudo corresponde a todo o contingente da corporação nesse mesmo período. Os dados provêm de certidões de óbitos requeridas para concessão de pensões de dependentes e história ocupacional correspondente. As causas básicas de morte foram codificadas de acordo a Classificação Internacional de Doenças (9ª revisão. RESULTADOS: Militares apresentaram mortalidade proporcional aumentada para as doenças do fígado relacionadas com o consumo do álcool (razão de mortalidade proporcional ajustada (RMPaj=2,03; IC 95%: 1,26 3,00, pancreatite (RMPaj=2,03; IC 95%: 1,06 3,38, hemorragia digestiva (RMPaj=1,61; IC 95%: 1,10 2,23, doenças renais crônicas (RMPaj=2,82; IC 95%: 1,98 3,84, doença de Parkinson (RMPaj=3,00; IC 95%: 1,27 5,72 e degenerações cerebrais (RMPaj=2,88; IC 95%: 1,14 5,70 em relação a população de referência. Associação não estatisticamente significante foi observada entre operadores de radar (RMP=6,50; IC 95%: 1,43 29,56 e doenças do sistema nervoso. CONCLUSÕES: Os resultados indicam a existência de possíveis fatores de riscos ocupacionais no ambiente de trabalho da Marinha do Brasil, e a necessidade de estudos com medidas quantitativas de exposição.OBJECTIVE: To describe the distribution of mortality due to digestive tract, genitourinary and nervous system diseases according to occupation among Brazilian Navy servicemen. METHODS: This was an exploratory study of proportional mortality among male servicemen in the Brazilian Navy who died between 1991 and 1995. The study population comprises the entire contingent of servicemen during

  6. Mortalidade por dependência de álcool no Brasil: 1998 - 2002 Mortalidad por dependencia de alcohol en el Brasil: 1998 - 2002 Alcohol-dependence mortality in Brazil: 1998 - 2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Marín-León

    2007-04-01

    Full Text Available Para analisar a mortalidade por dependência de álcool no Brasil (1998-2002 utilizando-se a causa básica de morte das estatísticas oficias, consideraram-se os óbitos decorrentes de "transtornos mentais e comportamentais devidos ao uso de álcool" (F10 da Classificação Internacional de Doenças CID-10. Em 2002 ocorreram 4580 óbitos masculinos e 515 femininos por dependência de álcool, correspondendo a 0,8% das mortes masculinas e 0,1% das femininas. Esses valores representaram 83,3% dos óbitos por distúrbios mentais nos homens e 34,8% nas mulheres. O coeficiente médio anual no período 1998-2002 foi de 5,8 óbitos/100.000 homens, com variações por faixa etária, sendo maior entre os de 45 a 54 anos (16,0 óbitos/100.000 homens. Comparando-se o Brasil com o Canadá, essa mortalidade, embora inferior, especialmente nas mulheres, é muito mais precoce; 46% dos casos ocorreram entre 15 e 44 anos. A Região Sudeste apresentou a maior taxa de mortalidade masculina (6,6 óbitos/100.000 homens. Apontam-se os fatores de subestimação da mortalidade neste estudo. Trata-se de óbitos evitáveis e os homens jovens na Região Sudeste são o grupo prioritário na promoção da saúde e programas de recuperação.Para analizar la mortalidad por dependencia de alcohol en el Brasil (1998-2002, utilizándose la causa básica de muerte de las estadísticas oficiales, se consideraron las muertes decurrentes de "trastornos mentales y de comportamiento debidos al uso de alcohol" (F10 de la Clasificación Internacional de Enfermedades CID-10. En 2002 ocurrieron 4580 muertes masculinas y 515 femeninos por dependencia de alcohol, correspondiendo al 0,8% de las muertes masculinas y al 0,1% de las femeninas. Esos valores representan el 83,3% de las muertes por disturbios mentales en los hombres y el 34,8% en las mujeres. El coeficiente medio anual en el período 1998-2002 fue el de 5,8 muertes/100.000 hombres, con variaciones por gurpo de edad, siendo mayor

  7. Análisis del comportamiento de la mortalidad materna y perinatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Uribe-Meneses

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudio se orientó a identificar las causas, calcular la tasa y caracterizar los casos de mortalidad materna y perinatal en la Empresa Social del Estado Hospital Regional Noroccidental del departamento Norte de Santander, entre los años 2006 a 2009. La investigación es de carácter cuantitativo, descriptivo, con enfoque retrospectivo. Se emplearon los siguientes instrumentos para la recolección de información: Ficha SIVIGILA de notificación mortalidad materno perinatal del Instituto Nacional de Salud, encuesta de visita de campo del protocolo para la vigilancia de la mortalidad materno-perinatal del Instituto Nacional de Salud, historias clínicas de cada uno de los casos objeto de estudio. La población es tomada del total de muertes maternas y perinatales de procedencia de la Empresa Social del Estado Hospital Regional Noroccidental del departamento Norte de Santander, la muestra está representada en el 100% de los de casos de mortalidad materna y perinatal de la ESE, que en total son 65 casos, 7 de mortalidad materna y 58 de mortalidad perinatal. Entre las causas identificadas como más prevalentes para la mortalidad materna fueron la eclampsia y/ pre-eclampsia, y la causa de mortalidad perinatal fue el síndrome de dificultad respiratoria, la tasa más alta de mortalidad materna la presentó el municipio del Carmen con 1.49 y convención con 1.41 por 10.000 MEF y la tasa de mortalidad perinatal la presentó el municipio del Carmen con una tasa de 29.65 por 1.000 nacidos vivos.

  8. Câmbio na assistência perinatal como determinante de consumo e diversidade de antiinfecciosos? Estudo em UTI neonatal no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Garcia Serpa Osorio-de-Castro

    Full Text Available O perfil de utilização de antiinfecciosos, constando de consumo e diversidade dos fármacos empregados, bem como seus determinantes, foram estudados em um período de cinco anos, de janeiro de 1990 a dezembro de 1994, em duas enfermarias de uma unidade de terapia intensiva (UTI neonatal do Rio de Janeiro. Para tanto, cumpriu-se estudo de utilização de medicamentos com desenho descritivo, longitudinal e retrospectivo. Como sistemática foram empregadas a classificação Anatomical Therapeutic Chemical (ATC e a unidade de medida dose diária definida para lactentes (DDDi. Foram coletados dados de serviço, através de pesquisa documental, observações e entrevistas semi-estruturadas, e dados numéricos, através de consulta aos registros de fornecimento do Serviço de Farmácia e registros do censo hospitalar diário. Os resultados numéricos sugerem um incremento real do consumo total e a diminuição da diversidade no uso de antiinfecciosos no período. Analisados à luz da realidade institucional e do uso racional de medicamentos, indicam que mudanças na assistência perinatal ao longo do período foram determinantes para o perfil de utilização revelado.

  9. Câmbio na assistência perinatal como determinante de consumo e diversidade de antiinfecciosos? Estudo em UTI neonatal no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osorio-de-Castro Claudia Garcia Serpa

    2002-01-01

    Full Text Available O perfil de utilização de antiinfecciosos, constando de consumo e diversidade dos fármacos empregados, bem como seus determinantes, foram estudados em um período de cinco anos, de janeiro de 1990 a dezembro de 1994, em duas enfermarias de uma unidade de terapia intensiva (UTI neonatal do Rio de Janeiro. Para tanto, cumpriu-se estudo de utilização de medicamentos com desenho descritivo, longitudinal e retrospectivo. Como sistemática foram empregadas a classificação Anatomical Therapeutic Chemical (ATC e a unidade de medida dose diária definida para lactentes (DDDi. Foram coletados dados de serviço, através de pesquisa documental, observações e entrevistas semi-estruturadas, e dados numéricos, através de consulta aos registros de fornecimento do Serviço de Farmácia e registros do censo hospitalar diário. Os resultados numéricos sugerem um incremento real do consumo total e a diminuição da diversidade no uso de antiinfecciosos no período. Analisados à luz da realidade institucional e do uso racional de medicamentos, indicam que mudanças na assistência perinatal ao longo do período foram determinantes para o perfil de utilização revelado.

  10. Factores predictivos de mortalidad en pacientes con oclusión intestinal mecánica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erian Jesús Domínguez González

    2015-05-01

    Full Text Available Se realizó un estudio longitudinal, prospectivo, de cohorte, de 191 pacientes con oclusión intestinal mecánica, operados en el Servicio de Cirugía del Hospital Provincial Docente Clinicoquirúrgico "Saturnino Lora Torres" de Santiago de Cuba, desde enero de 2011 hasta diciembre de 2013, para identificar los factores predictivos de mortalidad. La muestra fue dividida en 2 cohortes: 165 vivos y 26 fallecidos; asimismo, el análisis de los datos se basó en la construcción de un modelo multivariado (regresión logística multivariable, mediante el cual se precisó que la edad por encima de los 60 años, el inicio de los síntomas después de las 48 horas, el estado físico perianestésico IV y V, el daño vascular, los procedimientos resecativos, el estado de choque y las complicaciones posoperatorias, mostraron relación independiente con la muerte. Se estimó 73,1 y 98,8 % de sensibilidad y especificidad, respectivamente y el porcentaje global predictivo fue excelente (95,3

  11. A habitação como determinante social da saúde: percepções e condições de vida de famílias cadastradas no programa Bolsa Família Habitation as a social determinant of health: perceptions and conditions of families registered under the "Bolsa Família" program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Alves Magalhães

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar as condições de habitação e de saneamento de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família (PBF, bem como analisar os significados dos sujeitos entrevistados sobre sua moradia. Trata-se de um estudo transversal, de abordagem quanti-qualitativa, realizado entre agosto e setembro de 2007, no município de Paula Candido, MG. Foram entrevistados 116 indivíduos cadastrados no programa, selecionados aleatoriamente, por meio de questionário semiestruturado. Os dados quantitativos foram analisados utilizando-se o software SPSS for Windows e os qualitativos, pela técnica de análise temática. Verificou-se que ambos os grupos - beneficiário e não beneficiário - enfrentam condições adversas que limitam sua inserção e emancipação social, como baixas escolaridade e qualificação para o trabalho; trabalho informal e mal remunerado; serviços ainda insuficientes de abastecimento e tratamento da água, além de esgotamento sanitário e coleta de lixo, especialmente entre as famílias residentes na zona rural. Quanto ao significado da moradia para os entrevistados, os relatos denotam o sonho por uma casa melhor e/ou a casa própria, a aquisição de bens e eletrodomésticos básicos que possam compor o espaço da habitação, espaço este que ultrapassa a dimensão física e material, configurando-se como lugar onde se estabelecem as relações e laços sociais entre a família e de acolhimento do outro. Faz-se necessária a articulação entre as ações e políticas públicas de saúde, habitação, meio ambiente e infraestrutura, bem como com os programas de combate à pobreza - como o PBF - , tendo em vista o conjunto de vulnerabilidades às quais estão submetidas as populações mais pobres.The objective of this study was to evaluate housing and sanitation conditions of families registered in the "Bolsa Família" Program (BFP, as well as to analyze the meaning of housing for the interviewees. It is a transversal

  12. Mortalidade de crianças usuárias de creches no Município de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eneida S Ramos Vico

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o comportamento da mortalidade em crianças usuárias de creches. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo da mortalidade de crianças da faixa etária de zero a seis anos e 11 meses, matriculadas em toda a Rede Pública Municipal de Creches de São Paulo (Br, no período de 1995 a 1999. As variáveis de interesse foram sexo, idade, causa básica de morte, tempo de permanência na creche e sazonalidade. RESULTADOS: O coeficiente médio de mortalidade observado para o período foi de 36,4 por cem mil crianças. Do total das mortes, 32,7% ocorreram em menores de um ano e 78,4% em crianças com até três anos. Quanto ao tempo de permanência, 54,2% não chegaram a completar seis meses, destacando os três meses iniciais que concentraram 36,3% das mortes. A maioria dos óbitos ocorreu nos meses de inverno e outono, respectivamente, 31,8% e 29,6%. As causas de morte mais freqüentes foram de origem infecciosa: pneumonias (29,6%, infecção meningocócica (13,0%, meningites não meningocócicas (8,5%, gastroenterites (7,6%, varicela (5,4%. As causas externas representaram 13,5% devido a quedas, atropelamentos, afogamentos, queimaduras e agressões. CONCLUSÕES: A maior parte das mortes ocorreu em menores de três anos e decorreu de causas evitáveis, algumas delas preveníveis por vacinas.

  13. Os investimentos públicos em saúde e a mortalidade dos idosos no sul do Brasil:uma análise regionalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Patta Ramos

    2010-05-01

    Full Text Available Este artigo teve como objetivo examinar o efeito dos investimentos públicos em saúde na mortalidade dos idosos no Rio Grande do Sul, controlando-se pelas características socioeconômicas dos municípios. A base de dados foi extraída do Censo Demográfico do IBGE de 2000 e do Datasus, o qual inclui informações sobre recursos regionais para a saúde em 7 meso-regiões do RS. Foi criada uma tipologia para classificar as regiões do RS com base na taxa de dependência idosa. Modelos de regressões lineares estimaram o efeito dos investimentos públicos na mortalidade dos idosos separadamente por grupos de taxa de dependência controlando-se pelo PIB per capita, o índice de Gini, renda per capita, média de anos de estudo e a taxa de urbanização (variáveis independentes. Apesar de ter a expectativa de vida mais alta do Brasil, os resultados desse estudo revelam significativa diferença na mortalidade dos idosos entre as 7 meso-regiões que compõem o Estado do Rio Grande do Sul. os resultados mostram que os investimentos públicos federais em saúde são maiores em regiões com baixa taxa de dependência idosa. Também observamos uma associação frágil entre os investimentos públicos em saúde e a mortalidade dos idosos.

  14. Mortalidade por homicídios no Brasil na década de 90: o papel das armas de fogo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Peres Maria Fernanda Tourinho

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a evolução da mortalidade por homicídio no Brasil, na década de 1990, buscando analisar a contribuição das armas de fogo. MÉTODOS: Estudo ecológico descritivo de série temporal para o período 1991 a 2000. Dados sobre óbitos por causas externas, segundo local de residência, foram obtidos para a população total e grupos de sexo. A fonte de dados utilizada foi o Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/Datasus. Os homicídios foram classificados em homicídios por armas de fogo, por outros instrumentos e por meios não especificados. Foram calculados a mortalidade proporcional e os coeficientes de mortalidade (/100.000 habitantes. RESULTADOS: Os homicídios foram responsáveis por 33% dos óbitos por causas externas na década de 1990. As armas de fogo contribuíram com mais de 50% dos casos já em 1991, e com cerca de 70% no ano 2000. Esse crescimento ocorreu em ambos os grupos de sexo e em todas as capitais. O coeficiente de mortalidade por homicídio cresceu 27,5%, sendo que o incremento nos homicídios cometidos com armas de fogo foi de 72,5%. No período houve uma queda nos casos decorrentes de instrumentos não especificados, o que pode explicar parte do incremento observado para os homicídios com armas de fogo. CONCLUSÕES: Os dados indicam significativa contribuição das armas de fogo para o crescimento dos homicídios na década de 1990. Problemas na qualidade das informações, tanto no que se refere às mortes com intencionalidade indeterminada como ao tipo de instrumento utilizado, prejudicaram a análise dos dados.

  15. Declínio e desigualdades sociais na mortalidade infantil por diarréia Decline and social inequalities of infant mortality from diarrhea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuleica Antunes Guimarães

    2001-10-01

    Full Text Available Este estudo ecológico, temporal e espacial descreve a evolução da mortalidade infantil por doenças infecciosas intestinais (DII em Salvador, Bahia, no período de 1977 a 1998 e a distribuição dessa mortalidade segundo condições de vida, em 1991. As Zonas de Informação (ZI, da cidade, foram agrupadas segundo um índice de condições de vida (ICV, em quartis. Foram calculados os seguintes indicadores: Mortalidade Infantil Proporcional (MIP, Coeficiente de Mortalidade Infantil (CMI e Razão de Mortalidade pela referida causa. A análise dos dados foi feita através do cálculo de médias móveis e do teste de qui-quadrado de tendência. Entre 1977 e 1998 o CMI/DII reduziu-se em 91,9%. A razão entre o CMI/DII do estrato de condições de vida "elevadas" para aquele onde as mesmas eram "muito baixas" foi de 1,9 e a MIP foi mais elevada onde eram piores as condições de vida o que requer reorientação das políticas de controle do problema na direção do enfrentamento das causas.This ecological study describes the temporal trend from 1977 to 1998, and spatial patterns of infant mortality from diarrhea in the city of Salvador, Bahia State, Brazil. The annual proportional of infant mortality and specific-cause mortality rate were estimated. Spatial units of geographical zones within the city's urban area were utilized for administrative purposes, which were aggregated according to quartile of living conditions indicators. Over the study period, the diarrhea-induced infant mortality rate decreased 91.9%. The mortality risk from diarrhea in the lowest living condition strata was 90% greater than in the highest conditions. Also, infant mortality due to diarrhea increases proportionally as living conditions worsen, which necessitates a review of the control policies concerning this important public health problem. Although the infant mortality rate declined during the study period, social inequalities related to infant mortality due to

  16. Mortalidade por insuficiência cardíaca: análise ampliada e tendência temporal em três estados do Brasil Mortalidad por insuficiencia cardiaca: análisis ampliado y tendencia temporal en tres estados de Brasil Mortality due to heart failure: extended analysis and temporal trend in three states of Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Nagib Gaui

    2010-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A insuficiência cardíaca (IC é uma doença crônica de grande prevalência e altas taxas de mortalidade. A mortalidade por IC, no Brasil, tem sido estudada mais frequentemente com dados de internações hospitalares. OBJETIVO: Avaliar as taxas de mortalidade por IC, por sexo e faixa etária, no conjunto dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul, de 1999 a 2005. MÉTODOS: As informações foram obtidas dos atestados de óbito examinados nos três estados. A mortalidade por IC foi avaliada em modo restrito (causa básica de morte, modo abrangente (presente em qualquer linha do atestado e modo ampliado (todos os códigos com presença de IC. RESULTADOS: As taxas específicas de mortalidade apresentaram tendências de quedas nítidas nos grupos de idade, exceto nos de 80 anos ou mais. As taxas aumentaram com a idade, sendo maiores nos homens, de forma clara, até os 80 anos. As taxas de mortalidade por IC foram três vezes maiores no modo abrangente do que no modo restrito. O modo ampliado acrescentou ainda 20% de óbitos em que havia IC. CONCLUSÃO: Os resultados deste estudo demonstram tendências de quedas nas taxas de mortalidade por IC no conjunto dos três estados - cerca de 43% do Brasil -, de 1999 a 2005. A metodologia de causas múltiplas de morte, além das básicas, permite apresentar dimensão mais abrangente da importância da IC como causa de óbito. A seleção adequada dos códigos da Classificação Internacional de Doenças (CID, que compreendem a totalidade do fenômeno de IC, permanece como desafio para futuros estudos.FUNDAMENTO: La insuficiencia cardiaca (IC es una enfermedad crónica de gran prevalencia y altas tasas de mortalidad. La mortalidad por IC, en Brasil, se ha estudiado más frecuentemente con datos de internaciones hospitalarias. OBJETIVO: Evaluar las tasas de mortalidad por IC, por sexo e intervalo de edades, en el conjunto de los estados de Rio de Janeiro, São Paulo y Rio Grande

  17. Perspectivas teóricas y metodológicas para el estudio del ambiente como determinante de la salud

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María O. Garzón-Duque

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: describir algunas de las perspectivas teóricas y metodológicas del ambiente como determinante de la salud, como un aporte desde lo conceptual a este complejo campo en constante construcción y deconstrucción. Metodología: revisión de tema con un análisis de la literatura previa detección y consulta de documentos oficiales y artículos científicos que permitieron la estructuración del texto alrededor del tema. Resultados y discusión: a lo largo de la historia y en los diferentes discursos, vivencias individuales y colectivas, el ambiente ha estado presente en el continuo del proceso salud – enfermedad. La higiene y el saneamiento resuelven el problema en un escenario donde hay riesgos y peligros que deben ser identificados para controlarse o eliminarse. Sin embargo, desde las últimas décadas del siglo XX por intereses económicos, necesidad de conservar la salud, por los daños, problemas ambientales globales y locales, se ha dado lugar, al menos desde lo teórico y metodológico, al entendimiento del ambiente como un determinante de la salud, concepción que implica pasar del dominio y control del hombre sobre la naturaleza a entenderse como parte de ella misma. Conclusiones: a través del tiempo se ha observado y vivenciado que las intervenciones antrópicas del hombre sobre la naturaleza han sido poco respetuosas y ha pasado sistemáticamente de ser victimario de su ambiente y su entorno a ser víctima de los ambientes construidos. Los modelos de salud ambiental construidos con una mirada más desde la salud deben integrarse con otras disciplinas, para el análisis de situaciones complejas en salud ambiental.

  18. Relação entre os caracteres determinantes das eficiências no uso de nitrogênio e fósforo em milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Bermudez Pereira

    2013-10-01

    Full Text Available O melhoramento genético das eficiências no uso de N (EUN e P (EUP é um dos meios para se obterem produtividades de grãos satisfatórias, com menores custos e de modo sustentável. Todavia, pouco se sabe a respeito da relação entre os caracteres determinantes dessas eficiências, o que tem dificultado o uso da seleção precoce e indireta. Portanto, objetivou-se, com este trabalho, identificar a relação entre os caracteres determinantes das eficiências no uso de nitrogênio e fósforo, em milho. Para isso, avaliaram-se 14 linhagens e 39 híbridos simples, em dois experimentos, em baixa e alta disponibilidade de N e P, em delineamento inteiramente ao acaso, com duas repetições, em esquema fatorial simples. Os experimentos foram conduzidos em telado. Foram utilizados tubos cilíndricos de PVC, com 4 dm³ de capacidade, preenchidos com dois tipos de substrato, de acordo com o experimento. As soluções nutritivas foram fornecidas a partir do sétimo dia após o transplantio, aplicando-se 250 ml tubo-1, a cada dois dias. As plantas foram colhidas em estádio de seis folhas completamente expandidas (V6 e os caracteres avaliados foram: massa da parte aérea seca (MPS, área de raiz específica (ARE, comprimento de raízes laterais (CRLat e axiais (CRAxi e os dois componentes da EUN e EUP, as eficiências de utilização (EUt e a de absorção (EAb. Foram realizadas análises de variância e de trilha dos dados coletados. Os caracteres de raiz não apresentaram efeitos significativos sobre as EUN e EUP. A MPS é o principal determinante das EUN e EUP, independentemente da disponibilidade nutricional.

  19. Mortalidade feminina na região Sul do Município de São Paulo: qualidade da certificação médica dos óbitos Maternal mortality in Brazil: quality of medical certification of deaths

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnaldo Augusto Franco de Siqueira

    1999-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade da certificação médica dos óbitos de mulheres de 10 a 49 anos na região Sul do Município de São Paulo. MÉTODOS: Utilizou-se a metodologia Puffer para investigar as causas de óbito de todas as mulheres de 10 a 49 anos residentes na região e falecidas no ano de 1989 (num total de 664 óbitos. Foram comparadas as causas de morte relatadas nos atestados de óbitos originais com as refeitas. Calculou-se o grau de sensibilidade das causas e o índice de kappa. RESULTADOS: Obteve-se alta sensibilidade entre as declarações de óbito originais e corrigidas nos grupos de causas (CID-9 das "Doenças do Aparelho Circulatório" (91,9%, "Neoplasias" (89,7% e "Causas Externas" (84,1%. Houve outros com sensibilidades muito baixas. Desses, chama a atenção o capítulo "Transtornos Mentais" (34,3% que, de 11, passa a ter 32 óbitos em que, na maioria dos casos, não havia sido feito o diagnóstico de alcoolismo. Também o capítulo "Complicações da Gravidez, Parto e Puerpério" apresentou uma sensibilidade baixa (44,9%. O índice de kappa foi de 0,63, o que indica uma concordância total regular. DISCUSSÃO: Ainda é insatisfatória a qualidade da certificação médica dos óbitos na área estudada. Essa má qualidade pode afetar negativamente as propostas de intervenção, tornando pouco visíveis problemas tão sérios para a atenção à saúde da mulher.OBJECTIVE: To evaluate the quality of the medical certification of deaths of 10-49 year-old women, resident in the Southern region of the city of S. Paulo METHODS: The Puffer methodology was utilized to investigate the causes of death of all 10-49 year-old women, resident in the region, and deceased in the year 1989 (664 deaths in the total. The main causes of death in the original death certificates and the "new" causes of death arisen from the research were compared. The sensitivity and the kappa index were calculated. RESULTS: In some chapters of the

  20. Mortalidade materna na cidade do Recife Maternal mortality in Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aurélio Antônio Ribeiro Costa

    2002-08-01

    Full Text Available Objetivos: determinar a Razão de Mortalidade Materna (RMM entre mulheres residentes na cidade do Recife, pela análise de todas as declarações de óbito de mulheres na idade entre 10-49 anos. Determinar a taxa de sub-registro e estudar as principais características, causas básicas, classificação e evitabilidade das mortes maternas. Métodos: realizou-se estudo descritivo de base populacional, analisando-se todos as declarações de óbito de mulheres entre 10-40 anos e utilizando-se os critérios de Laurenti para classificá-los como declarados ou presumíveis. Estudaram-se os prontuários médicos e os dados de autópsia, quando disponíveis, determinando-se as causas básicas dos óbitos e calculando-se a taxa de sub-registro. A Razão de Mortalidade Materna foi calculada usando as informações sobre nascidos vivos do SINASC (Sistema de Informações dos Nascidos Vivos. Resultados: encontraram-se 144 mortes maternas, sendo 104 declaradas e 44 presumíveis, confirmadas após investigação. A Razão de Mortalidade Materna foi 75,5 por 100.000 nascidos vivos e o percentual de sub-registro foi 27,8%. Observou-se uma predominância de causas diretas, sendo as mais freqüentes hipertensão (19%, hemorragia (16% e infecção (11%. Cerca de 82% das mortes foram consideradas evitáveis por meio de assistência adequada ao pré-natal, parto e puerpério. Conclusões: a Razão de Mortalidade Materna é alta na cidade de Recife, e o percentual de subnotificação permanece elevado. Predominam as causas diretas e os óbitos evitáveis, evidenciando ausência de assistência adequada ao pré-natal, parto e puerpério.Purpose: to determine the Maternal Mortality Ratio (MMR among women living in the city of Recife, Brazil through the analysis of all death certificates of women aged 10-49 years from 1994 to 2000. To determine the underreporting rate and to study the main characteristics, basic causes, classification and avoidance of maternal deaths

  1. Determinantes do desenvolvimento do setor agropecuário nos municípios Determinantes del desarrollo del sector agrícola-ganadero en los municipios Determinants of the development of the agricultural sector in municipalities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio César de Medeiros Costa

    2013-06-01

    Full Text Available Dada a importância do setor agropecuário para a economia brasileira, é fundamental conhecer os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário em seus municípios. Sob a luz de referencial teórico que aborda questões relacionadas aos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e do desenvolvimento econômico local, neste estudo fez-se uso das metodologias de análise multivariada conhecidas como análise fatorial e análise de cluster. Utilizou-se o estado de Minas Gerais como recorte analítico. Foram selecionadas 22 variáveis para cada município, representando diferentes dimensões do desenvolvimento, visando verificar quais os fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário. Após a análise fatorial, optou-se pela extração de seis fatores com raiz característica maior do que um e que respondem, em conjunto, por 62,25% da variância total dos dados: desenvolvimento econômico, investimento público, qualidade de vida, condições da atividade agropecuária, condições de meio ambiente e consumo, e condições de financiamento. Pela análise de cluster, foram criados cinco grupos, de acordo com o desempenho dos membros nos fatores. Os resultados corroboram os apontamentos literários em quase sua totalidade e, além disso, destaca-se e discute-se a existência de um ciclo positivo gerado pelo incremento dos fatores determinantes do desenvolvimento agropecuário e pelas vantagens competitivas. Neste estudo, aponta-se a importância do investimento público na promoção do desenvolvimento, reforçando o proposto por trabalhos anteriores de que o Estado desempenha papel fundamental para garantir condições que propiciem o desenvolvimento do setor agropecuário. Outra constatação factível é a de que fatores isolados, tais como as boas condições da agricultura e do meio ambiente, não são capazes de propiciar desenvolvimento para o setor nos municípios mineiros.Dada la importancia de la agricultura y de

  2. Fatores determinantes para a continuidade da participação de idosos em programas de atividade física: a experiência dos participantes do projeto "Sem Fronteiras" Adherence factors to physical activity programs for older adults: the experience of the participants of the "Without Borders" project

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doralice Lange de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Este trabalho discute os resultados de uma pesquisa qualitativa, cujo objetivo foi o de investigar os fatores que determinam a participação continuada de idosos no projeto "Sem Fronteiras: Atividades Corporais para Adultos Maduros e Idosos", desenvolvido na Universidade Federal do Paraná. Participaram do estudo 10 idosos que estavam regularmente frequentando o projeto há pelo menos dois anos. Os dados foram coletados através de uma entrevista semi-estruturada. O guia de entrevista teve como linha condutora as seguintes questões: O que o (a motivou a dar início à participação no projeto "Sem Fronteiras"? O que o (a motiva a continuar participando do projeto? Quais as principais dificuldades que o senhor (a senhora encontra para permanecer no mesmo? O que o (a motiva a superar estas dificuldades? A análise das entrevistas teve como foco os principais temas que emergiram da fala dos participantes. Primeiramente foram analisados os dados de cada entrevista individualmente. A seguir, os dados foram cruzados buscando-se por temas comuns e divergentes entre as falas dos entrevistados. A principal conclusão da pesquisa foi que os idosos permanecem no programa não somente por perceberem benefícios à sua saúde física, mental e emocional, mas também pelas oportunidades que este lhe oferece em termos de desenvolvimento pessoal, socialização, e troca de informações, experiências, suporte e afeto. As barreiras mais importantes encontradas pelos mesmos para dar continuidade à sua participação no projeto relacionam-se com problemas de saúde e compromissos familiares.This paper discusses the results of a qualitative research project that had as a goal to investigate adherence factors to a physical activity program for older adults in Brazil named "Sem Fronteiras: Atividades Corporais Para Adultos Maduros e Idosos", which translated into English means "Without Borders: Physical Activities for Mature and Older Adults". The participants

  3. Transplante cardíaco no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia: análise da sobrevida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ASSEF Marco Aurélio Salles

    2001-01-01

    Full Text Available CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foram analisados, retrospectivamente, 80 transplantes cardíacos realizados no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC no período de novembro de 1991 a agosto de 2000. Houve predomínio do sexo masculino em 70% dos casos e a idade variou de 7 a 69 anos, com média de 44,8 anos. Doze (15% pacientes se encontravam em prioridade, em uso de drogas inotrópicas endovenosas no momento do transplante. As etiologias determinantes da insuficiência cardíaca congestiva grave foram: miocardiopatia dilatada idiopática em 37,5%, miocardiopatia isquêmica em 33,75%, miocardiopatia chagásica em 17,5% e outras causas em 11,25%. Foram realizados 78 transplantes ortotópicos e 2 heterotópicos. A técnica empregada foi bicaval/bipulmonar em 63,75%, atrial em 27,5%, bicaval/unipulmonar em 6,25% e heterotópico em 2,5%. A mortalidade hospitalar (30 dias foi de 18,75%. RESULTADOS: A sobrevida para o transplante ortotópico em um ano foi de 72,7%, em cinco anos 61,5% e em sete anos 56,4%. A sobrevida após o transplante foi correlacionada com as variáveis idade, causa de óbito e sexo do doador, e pelo transplante ter sido ou não a primeira cirurgia cardíaca do paciente.

  4. Las líneas: elementos determinantes de la investigación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Omar Parra Rozo

    2009-01-01

    Full Text Available Como el trazo esencial que da figura y origen a lo existente, desde sus orígenes míticos hasta los razonamientos científicos y desde el diario transcurrir hasta las formas estéticas que de ella se derivan, la línea es el elemento constitutivo que proporciona sentido, horizonte y razón al conocimiento y al sentir humano. Los múltiples problemas que se originan en el contexto que rodea un hecho cotidiano, un experimento o una reflexión filosófica, un acto de fe o un asunto pedagógico, suscitan un planteamiento de propuestas y proyectos. La construcción y la reconstrucción de éstos, el esbozo metodológico, los procesos y los productos investigativos, su socialización y difusión tienen una raíz esencial: la línea que los origina. A partir del mito y la narrativa se consigue vislumbrar la génesis de la línea y su armazón determinante en el progreso del conocimiento, la docencia y la investigación. Se puede decir, merced a lo investigado, que se mantiene un descuido epistemológico en la explicación de la línea de conocimiento o de investigación que debe ser subsanado yendo a sus orígenes y visualizando su prospectiva, pues la línea constituye un referente imprescindible y estructural de cualquier proceso investigativo.

  5. Autopercepción de salud general y mortalidad en adultos mayores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ximena Moreno

    2014-05-01

    Conclusiones: Los resultados apoyan los hallazgos previos respecto a que la autopercepción de la salud general negativa predice la mortalidad. Es necesario dilucidar los mecanismos por los que este indicador puede predecir la mortalidad en los adultos mayores, que pueden ser diferentes para hombres y mujeres. Se sugiere investigar el papel de la depresión, considerando que el efecto de la autopercepción de la salud sobre la mortalidad no estaba presente en los estudios que la incluían.

  6. Samuel Barnsley Pessoa e os determinantes sociais das endemias rurais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto Hochman

    2015-02-01

    Full Text Available O artigo analisa os principais aspectos da trajetória, das ideias e da atuação acadêmica e política de Samuel Barnsley Pessoa (1898-1976. Indica que a atuação de Samuel Pessoa deve ser compreendida também a partir da sua militância comunista e ressalta que uma das contribuições originais de seus trabalhos foi o estabelecimento da relação entre estrutura agrária e endemias rurais, entre latifúndio e doença e a adesão a um projeto de transformação da sociedade brasileira.

  7. Perfil de morbidade e de mortalidade de pacientes idosos hospitalizados Morbidity and mortality profile of hospitalized elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Claudia Santos Amaral

    2004-12-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo são analisar o perfil de morbi-mortalidade em idosos hospitalizados em dois hospitais universitários e dois não universitários, da Área de planejamento 2.2 da cidade do Rio de Janeiro, Brasil, no ano de 1999, comparando as taxas de mortalidade hospitalar, ajustando para diferenças no perfil. Os dados foram obtidos do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH/SUS. O modelo logístico foi ajustado incluindo as variáveis idade e diagnóstico primário, utilizado para calcular as taxas de mortalidade hospitalar ajustadas. As internações hospitalares em idosos (n = 7.584 representaram 29,3% do total de 25.928 internações realizadas nessas unidades. Catarata senil (7,8% foi a causa mais freqüente, seguida de hiperplasia de próstata (4,7%, insuficiência cardíaca congestiva (2,9% e bloqueio atrioventricular total (2,8%. Os hospitais não universitários apresentaram taxas de mortalidade hospitalar maiores do que as dos hospitais universitários, mesmo depois do ajuste para diferenças no perfil de casos em relação à idade e diagnóstico principal. O uso dos bancos de dados do SIH/SUS e da metodologia de ajuste de risco representam uma alternativa para avaliações exploratórias de resultados de cuidados de saúde.The objectives of this study were to analyze the morbidity and mortality profile in elderly patients hospitalized in two teaching and two non-teaching hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (Municipal Planning Area 2.2 in 1999, and to compare in-hospital mortality rates adjusted for differences in profile. Data were obtained from the National Hospital Database of the Unified National Health System (SIH/SUS. The logistic model included the variables age and primary diagnosis to calculate risk-adjusted in-hospital mortality rates. Hospital admissions of elderly patients (n = 7,584 represented 29.3% of a total of 25,928 hospitalizations that took place in these units. Senile

  8. Protesto político na América Latina: tendências recentes e determinantes individuais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ednaldo Ribeiro

    2015-04-01

    Full Text Available Estudos recentes têm identificado redução do envolvimento dos cidadãos em formas tradicionais de participação, predominantemente relacionadas aos processos eleitorais e às instituições formais de representação, e ampliação do engajamento em modalidades de ação relacionadas ao protesto político. Diferentes fatores têm sido apontados como impulsionadores dessa contestação, alguns de ordem individual ou microssocial, como sentimentos, atitudes e valores. Focalizando o caso latino-americano, apresentamos neste artigo uma análise sobre a evolução de alguns indicadores de envolvimento nessas formas de ação ao longo de uma década. Adicionalmente, buscamos verificar quais atributos individuais atuam como determinantes desses comportamentos. Para tanto utilizamos a série histórica de dados produzida pela organização Latinobarómetro (1995-2007. Os resultados indicam que, apesar da relevância do descontentamento e do contexto de instabilidade política e econômica da região, as variáveis explicativas fundamentais do ativismo de protesto são aquelas ligadas aos recursos individuais políticos e cognitivos.

  9. Fatores determinantes na escolha do sistema de custos para dar suporte ao processo de gestão: um estudo nas grandes empresas de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Catarina Pereira

    2004-11-01

    Full Text Available O artigo analisa os fatores determinantes na escolha do sistema de custos nas grandes empresas de Santa Catarina, para dar suporte ao processo de gestão empresarial. A pesquisa foi realizada em 17 grandes e