WorldWideScience

Sample records for das plantas ornamentais

  1. Acarofauna em plantas ornamentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jania Claudia Camilo dos Santos

    2014-10-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE O cultivo e o comercio de plantas ornamentais vem cada vez mais ganhando espaço no Brasil, pela grande variedade das espécies existentes e exuberância de suas flores, que oferecem uma maior riqueza ao local. Dessa forma, o objetivo desse trabalho foi realizar o levantamento da população de ácaros associados às plantas ornamentais no município de Arapiraca-AL, em função dos diversos problemas acarretados por essa espécie. O levantamento foi realizado entre os meses de abril a março, através de amostragens mensais de folhas coletadas da parte basal, intermediária e apical de plantas existentes em praças e jardins. Foram coletados 55 ácaros pertencentes à ordem Prostigmata em 20 famílias de plantas. As plantas com as maiores riquezas de ácaros foram as Coleus blumei L. e Bxuxus sempervirens L., que apresentaram 65% dos valores amostrais. Analisando-se as coletas realizadas, pode-se observar que houve uma maior incidência populacional de ácaros na coleta do mês de maio, cuja percentagem foi de 36% de ácaros levantados, sendo que no levantamento dos dados amostrais de março a percentagem encontrada foi de 14%, nas amostragens dos meses de abril e junho, a percentagem amostrada dos dados foi de 22 e 28%, respectivamente. O estudo do levantamento de ácaros em plantas ornamentais permitiu observar a relação entre ácaros e a relação com a planta hospedeira, facilitando posteriormente um estudo mais aprofundado sobre plantas hospedeiras, e pode-se observar que em períodos chuvosos ocorre uma menor incidência populacional.

  2. Controle de plantas daninhas na produção de mudas de plantas ornamentais Weed control in ornamental plant seedling production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.C.L. Freitas

    2007-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia do oxyfluorfen no controle da brilhantina (Pilea microphylla na produção de mudas de plantas ornamentais. Foram conduzidos dois experimentos, no delineamento de blocos ao acaso, no esquema fatorial 3 x 7, com três repetições. Um dos experimentos foi constituído por mudas de três espécies de plantas ornamentais - copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica, estrelítzia (Strelitzia reginae e palmeira-australiana (Archontophoenix cunninghamiana - e sete doses de oxyfluorfen (0, 24, 72, 144, 216, 288 e 360 g ha-1 pulverizadas em área total, e o outro, pelas mesmas espécies e sete concentrações de oxyfluorfen (0,00000 0,00036, 0,00072, 0,00144, 0,00288, 0,00576, e 0,01152% do i.a., aplicadas em pulverização dirigida à brilhantina, sem atingir as folhas das mudas de plantas ornamentais. Cada unidade experimental foi constituída de um vaso com uma muda de planta ornamental, infestado com brilhantina. Aos 15, 30 e 60 dias após aplicação do herbicida (DAA, foram realizadas avaliações visuais de toxidez nas plantas ornamentais e controle de brilhantina. Para aplicação em área total, os vasos com plantas de palmeira-real-australiana demandaram doses mais elevadas do herbicida, devido à maior área foliar desta espécie por ocasião da aplicação, promovendo o "efeito-guarda-chuva". Ainda nessa modalidade de aplicação, verificaram-se sintomas de intoxicação, considerados leves, nas mudas de plantas ornamentais, porém mais evidentes nas plantas de palmeira-australiana. Em aplicação dirigida, não houve interação entre fatores, espécie e concentração do herbicida, nem diferença no comportamento do herbicida entre as espécies para as características avaliadas. Não se observou intoxicação nas plantas ornamentais em nenhum dos tratamentos avaliados, na aplicação dirigida. Verificou-se controle eficiente de brilhantina, acima de 90%, a partir das doses de 300, 320 e 340

  3. Tamponamento do pH da solução nutritiva na hidroponia de plantas ornamentais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maira C. M. Fonseca

    2005-06-01

    Full Text Available Seis espécies de plantas ornamentais: Viola tricolor, Antirrhinum majus, Phlox drummondii, Petunia hibrida, Statice sinuata e Alyssum maritimun foram cultivadas em solução nutritiva com e sem agente tamponante, num experimento fatorial inteiramente casualizado com três repetições. Avaliou-se o tempo para germinação, produção de muda, início do florescimento, teores de nutrientes e perdas do vigor e da qualidade das flores. As plantas foram colhidas quando perderam o vigor e a qualidade das flores. Dentre as espécies cultivadas, a que apresentou menor ciclo foi boca-de-leão (Antirrhinum majus. Boca-de-leão (Antirrhinum majus e petúnia (Petúnia x hybrida monstraram-se melhor esenvolvidas quando cultivadas com agente tamponante. Amorperfeito (Viola tricolor e flox (Phlox drummondii tenderam a um melhor desenvolvimento em solução nutritiva sem agente tamponante. Para estátice (Statice sinuata e alisso (Alyssum maritimun as soluções empregadas não resultaram em diferenças significativas no crescimento das plantas, embora o vigor e número de flores de alisso apresentem superioridade em presença de agente tamponante.

  4. Fisiologia do estresse em pimenteiras Capsicum annuum L. ornamentais

    OpenAIRE

    Lima, Paula Cristina Carvalho

    2015-01-01

    A resposta e a sensibilidade ao etileno são dependentes do estádio de desenvolvimento, da variedade e da percepção por parte do órgão da planta. O valor e a aceitabilidade dos vasos de plantas ornamentais dependem, principalmente, da longevidade na fase de pós-produção que é influenciada por tratamentos de pré e pós-colheita e das condições ambientais. O objetivo foi avaliar os fatores que afetam a qualidade durante o desenvolvimento e na fase de pós-produção de pimenteiras ornamentais da esp...

  5. Fertilização de plantas ornamentais pelo método requerimento-suprimento: proposição de técnica experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvarez V. Víctor Hugo

    2014-04-01

    Full Text Available A dose de fertilizantes a ser recomendada para uma cultura depende do balanço de perdas e dos ganhos dos nutrientes no sistema agrícola (Lei da Restituição. Na UFV, o balanço foi modelado para recomendação de corretivos e fertilizantes para eucalipto (NUTRICALC, abacaxizeiro, algodoeiro, arroz, bananeira, cafeeiro, cana de açúcar, coqueiro, laranjeira, meloeiro, milho, pastagens, soja e tomate (FERTICALC e teca (FERTI-UFV. A fertilização e a nutrição de plantas ornamentais tropicais baseam-se apenas na experiência de produtores e fabricantes de fertilizantes. Os objetivos deste trabalho foram desenvolver e apresentar técnica experimental que permita determinar: as taxas de recuperação de macro e micronutrientes por extratores de formas disponíveis, a demanda e as taxas de recuperação de nutrientes por plantas ornamentais e determinar a dose e os teores de nutrientes em fertilizante que suplementem os requerimentos das plantas. Para a modelagem, consideraram-se dois módulos: o módulo planta, que obtém a demanda e o requerimento dos nutrientes para definida produtividade; e o módulo substrato, que permite calcular o suprimento de nutrientes do vaso ou do canteiro a ser utilizado para o cultivo. A modelagem vislumbrou um novo método de pesquisa para recomendação de corretivos e fertilizantes para culturas com carência de informação, como para cultivo de plantas ornamentais, especialmente as tropicais. Esse Método Requerimento-Suprimento determina a dose e os teores de nutrientes no fertilizante-suprimento (FS, que suplementam os requerimentos das plantas. O método é iterativo e foi desenvolvido por meio de três tentativas. Na primeira tentativa, considerou-se a produção de plântulas de orquídea; e, na segunda e terceira tentativas, determinaram-se as curvas de crescimento com FS no cultivo de violetas, em vasos com substrato, e definiram-se os critérios para determinar as taxas de recuperação de nutrientes

  6. ASPECTOS DA PRODUÇÃO E CONSUMO DE FLORES E PLANTAS ORNAMENTAIS NO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AUGUSTO AKI

    2002-08-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo uma análise sobre a constituição do mercado de flores e plantas ornamentais no Brasil, aspectos de marketing envolvidos nessa evolução e a sistematização de informações sobre produção e consumo. Inicialmente, é apresentada a evolução desse mercado, elaborada a partir de estudos de técnicos e consultores da área. Segue-se a apresentação de dados e informações de estudos e pesquisas elaborados sobre a evolução da produção. A maioria das informações apresentada consta da pesquisa de campo “Prospecção de Produtos e Mercados: Cadeia Produtiva Nacional”, levada a efeito pelo Instituto Brasileiro de Floricultura (IBRAFLOR com o apoio da Agência de Promoção de Exportações (APEX, e publicada no início de 2003. Com base na estruturação do mercado, produção e consumo, são sugeridas ações visando à maior eficiência da cadeia.

  7. Por que estudar a produção de plantas ornamentais? O caso catarinense.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle Melissa Althaus-Ottmann

    2008-07-01

    Full Text Available A floricultura abrange o cultivo de flores e plantas ornamentais com variados fins, que incluem desde as culturas de flores para corte à produção de mudas arbóreas de porte elevado. Esse setor movimenta grandes números na economia, principalmente de países europeus, Holanda, Itália e Bélgica e em alguns países da América Latina, Colômbia e Costa Rica. No Brasil ainda é uma atividade relativamente recente, que remonta da década de 1950, uma herança deixada pelos imigrantes europeus, a qual hoje vem se consolidando em diversos estados, principalmente nas regiões Sul e Sudeste do País, destacando-se a produção no Estado de Santa Catarina, a qual atualmente ocupa terceiro lugar na produção nacional. Apesar de a floricultura ser reconhecida como uma importante atividade econômica, especialmente para os pequenos agricultores, muitas são as dificuldades ainda encontradas, principalmente no que diz respeito a pesquisas específicas e tecnologias alternativas. E grande parte da tecnologia aplicada na produção brasileira é trazida de outros países como Holanda e Japão. Diante disto, o presente trabalho tem como escopo apresentar o desenvolvimento da floricultura no Estado de Santa Catarina, bem como ressaltar a sua importância econômica e social para o país de forma a fornecer dados que possam subsidiar pesquisas e geração de novas tecnologias que atendam às demandas dos produtores e conseqüentemente da sociedade. Para elaboração deste trabalho foi efetuada uma análise documental e também foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com produtores de flores e plantas ornamentais do Estado de Santa Catarina. Dessa forma, fo possível observar que entre os produtores catarinenses entrevistados é geral a necessidade de pesquisa para o setor, os quais afirmam que em nenhum estado ou país a floricultura progride se não houver apoio em pesquisas. Portanto, faz-se necessária a realização de estudos que promovam a

  8. UTILIZAÇÃO DE PLANTAS ORNAMENTAIS COMO NOVOS INDICADORES NATURAIS ÁCIDO-BASE NO ENSINO DE QUÍMICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdiléia Teixeira Uchôa

    2016-04-01

    Full Text Available A química é uma disciplina de caráter teórico-prática, mas vem sendo praticamente repassada na base de teoria, podendo acarretar desinteresse dos alunos. Isso acontece pela falta de estrutura e materiais laboratoriais nas escolas para a realização das práticas. Tal problema pode ser solucionado com a utilização de materiais alternativos para a realização das aulas praticas. A utilização de indicadores naturais ácido-base é uma proposta que vem sendo bastante trabalhada. Os indicadores naturais são substâncias que possuem extratos ricos em antocianinas, apresentando coloração diferente dependendo do meio reacional que sejam inseridas. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficácia do extrato aquoso de duas plantas ornamentais a Allamanda cathartica L. e a Codiaeum variegatum (L. A. Juss. como novos indicadores naturais ácido-base, comparando sua potencialidade com extrato da beterraba (Beta vulgaris L e do repolho roxo (Brassica oleracea L. var. capitata L. descritos na literatura. Este estudo começou com a extração do extrato das flores da alamanda-amarela e das folhas do louro variegado, testando em soluções de pH com variação de 1 a 14. Para o teste de estabilidade foram acondicionados 2 amostras de cada extrato: uma a 0 ºC (período de 30 dias e  a 25 ºC (período de 5 e 10 dias. Os resultados obtidos demonstraram uma boa eficácia dos novos indicadores, apresentando uma estabilidade térmica significativa em comparação com os já presentes na literatura, sendo uma alternativa de fácil aquisição e baixo custo para serem usados nas práticas do conteúdo de ácido-base da disciplina química na Educação Básica.

  9. Comercialização de flores e plantas ornamentais no segmento varejista no município de Lavras/MG Flowes and ornamentals plantas commercialization in retailer segment at Lavras/MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Ceratti

    2007-08-01

    Full Text Available O mercado brasileiro de flores e plantas ornamentais apresenta-se com perspectivas de crescimento e conseqüente incremento para os principais segmentos da cadeia produtiva: produção, distribuição e comercialização. Esta previsão, bastante otimista, vem atraindo para o setor novos empreendedores, com conseqüente aumento da concorrência e a constante necessidade da busca por novos produtos e serviços. Com o objetivo de compreender a nova tendência da cadeia de flores e plantas ornamentais e de avaliar a estrutura do segmento varejista no município de Lavras (MG, realizou-se um levantamento de informações junto aos estabelecimentos que comercializam flores e plantas ornamentais, no primeiro semestre de 2003. Para tanto, utilizou-se de uma pesquisa de caráter exploratório, com perguntas voltadas à estrutura operacional da empresa, além de questões sociais sobre o florista, podendo-se citar o nível de conhecimento na área e preocupação com atualização. No município não há estabelecimentos com auto-serviço de flores e plantas ornamentais, apenas floriculturas comerciais, que totalizam 11 estabelecimentos, dentre os quais, 64% realizam projetos paisagísticos, 73% oferecem trabalhos de jardinagem, e 45% possuem produção própria, sendo que esta se caracteriza, de modo geral, por plantios protegidos em pequenas áreas, voltados para o próprio abastecimento, apenas com cultivos orgânicos, simplificados, de mudas para jardim. Assim, todos dependem do fornecimento regular de plantas, em sua maioria realizado diretamente por grandes atacadistas, ponto a ponto. De maneira geral, observou-se que os varejistas limitam-se à participação na disputa de preços, mostrando-se preocupados com os altos níveis de competitividade em que o mercado encontra-se e menos interessados na diversificação dos produtos e serviços e estratégias de marketing. Por outro lado, há poucos comerciantes voltados para a oferta de produtos com

  10. Plantas ornamentais e seus recursos para abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, Estado de São Paulo, Brasil Resources of ornamental plants for bee on campus of the State University of Campinas, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kayna Agostini

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um estudo florístico e fenológico das plantas ornamentais arbóreas e arbustivas, visitadas por abelhas no campus da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Os registros sobre as plantas foram feitos de maio de 1999 a abril de 2000, obtendo-se 42 espécies de plantas. Cerca de 43% apresentou pico de floração no período úmido, 33% no período seco e 24% em ambos os períodos, não havendo sazonalidade marcada. A maioria das espécies, cerca de 72%, apresentou padrão de floração anual. As famílias mais representativas foram Leguminosae e Bombacaceae com 13 e 5 espécies respectivamente. Dentre as espécies estudadas predominaram flores brancas e o tipo floral aberto. As observações sobre as abelhas que visitavam as flores foram feitas de maio de 2000 a fevereiro de 2001, tendo sido registradas 17 espécies de abelhas. Essas abelhas podiam realizar visitas legítimas e/ou ilegítimas às flores. Os recursos utilizados pelas abelhas foram, principalmente, pólen e néctar e, na maioria das espécies de plantas, ambas as substâncias foram utilizadas. Apis mellifera, Trigona spinipes e Tetragonisca angustula, abelhas consideradas generalistas e Xylocopa frontalis e Bombus morio, consideradas mais especializadas, foram as cinco espécies que visitaram as flores de maior quantidade de espécies de plantas. Essas informações podem ser úteis para a elaboração de planos de manejo em ambientes urbanos visando à utilização de plantas ornamentais adequadas para atender maior diversidade de abelhas.A floristic and phenological study of ornamental, arboreal and shrubby species visited by bees was carried out on the campus of the Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. Data on the species were recorded from May 1999 to April 2000. During this period 42 flowering species in flower were evaluated, of these 43% flowered in the wet season, 33% in the dry season and 24% in both seasons, without marked

  11. Vírus, viróides, fitoplasmas e espiroplasmas detectados em plantas ornamentais no período de 1992 a 2003.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amélia Vaz Aalexandre

    2005-06-01

    Full Text Available No período de 1992 a 2003 foi investigada, visando diagnóstico, a presença de vírus, viróides, fitoplasmas e espiroplasmas em 167 gêneros de plantas ornamentais, pertencentes a 64 famílias. Para o diagnóstico e a identificação desses patógenos, foram realizados ensaios biológicos, serológicos e/ou moleculares, bem como observações ao microscópio eletrônico de transmissão. Tospovirus foram detectados em 104 amostras pertencentes a 15 gêneros, incluindo flores de corte, envasadas e folhagens; Potyviridae estavam presentes em 23 gêneros, dentre esses Hyppeastrum, Lilium, Gladiolus e Dieffenbachia infectados com Potyvirus; Cucumovirus (Cucumber mosaic virus e Ilarvirus foram detectados em 14 e 5 gêneros, respectivamente; Tobamovirus e Potexvirus, que são de ocorrência freqüente no Brasil, infectaram 40,4% das orquídeas que representaram 29,3% do total de amostras recebidas; outros 7 gêneros (Badnavirus, Carlavirus, Caulimovirus, Furovirus, Nepovirus, Tobravirus e Tymovirus e duas famílias (Closteroviridae e Rhabdoviridae de fitovírus foram também detectados. Nesse período, pelo menos três novas espécies de vírus foram descritas infectando crisântemo, petúnia e caládio. Viróide foi detectado em crisântemo, fitoplasma em lisiantos e espiroplasma em prímula.

  12. Variabilidade em população base de pimenteiras ornamentais (Capsicum annuum L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João José da Silva Neto

    2014-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi caracterizar progênies de uma população base de pimenteiras (Capsicum annuum L.. Foram utilizadas 54 plantas de uma geração F2 de pimenteiras ornamentais, para se avaliarem os seguintes caracteres morfoagronômicos: altura da planta (AP, diâmetro da copa (DDC, altura da primeira bifurcação (APB, diâmetro do caule (DCL, comprimento da folha (CFL, largura da folha (LFL, comprimento da corola (CDC, comprimento de antera (CANT, comprimento do estilete (CES e largura da pétala (LAP. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições. Os dados foram submetidos à Análise de Variância, com posterior agrupamento das médias para o teste de Scott-Knott (p<0,01. Com exceção do CANT, verificaram-se diferenças significativas para os demais descritores, pelo Teste F. O DCL foi o descritor com maior herdabilidade (99,49%, seguido de DDC (96,14% e APB (94,05%. O caractere DCL apresentou maior variabilidade entre as plantas, formando 13 classes, seguido de DDC, com oito e APB, com seis classes. Quando se utilizaram as técnicas multivariadas, foi possível agrupar as 54 plantas em oito grupos, sendo o grupo 1 o que reuniu maior número de plantas (35. A característica que mais contribuiu para a divergência genética foi o diâmetro do caule (68,97%, seguida pelo diâmetro da copa (9,22%, altura da primeira bifurcação (6,76% e altura da planta (4,58%. Já as características de flor foram as que menos contribuíram para a variabilidade (10,47%. Houve variabilidade entre as plantas estudadas, sendo possível praticar seleção dentro dessa família, dando continuidade ao Programa de Melhoramento de Pimenteiras.

  13. Fenologia do florescimento e características do perfume das flores de Passiflora quadrangularis l. (maracujá-melão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Antonio Villamil Montero

    2013-08-01

    Full Text Available Passiflora quadrangularis L. é uma espécie originária do neotrópico, conhecida no Brasil como maracujá-melão devido ao tamanho e formato dos seus frutos. Tem sido amplamente disseminada nas regiões tropicais do mundo onde é produzida em pequena escala para comercialização dos frutos, o que ocorre bem próximo às regiões de cultivo, em função da dificuldade de conservação pós-colheita. As plantas são trepadeiras bastante vigorosas, com flores abundantes, grandes e perfumadas, o que amplia o seu valor e a torna particularmente interessante para caramanchões e cercas-vivas. O uso efetivo de passifloras no mercado de plantas ornamentais depende de estudos da fenologia floral. Neste trabalho foram estudadas algumas características da fenologia floral e o perfume das flores de P. quadrangularis, sob cultivo protegido. São apresentados os dados relativos ao período de floração, picos de florescimento e intensidade relativa das flores, bem como algumas características do perfume floral. Conclui-se que a espécie representa uma nova alternativa de cultivo para fins ornamentais, por apresentar múltiplas flores em antese simultânea, abundantes, grandes, fragrantes e coloridas, com longo período de floração no ano, além de frutos comestíveis, folhas exuberantes e medicinais que oferecem amplo sombreamento para áreas externas de lazer e/ou outras plantas cultivadas.

  14. DÉFICIT HÍDRICO E OS PROCESSOS MORFOLÓGICO E FISIOLÓGICO DAS PLANTAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reginaldo Ferreira Santos

    1998-12-01

    Full Text Available RESUMO Esta breve revisão de literatura tem como objetivo abordar alguns aspectos dos fatores morfológicos e fisiológicos que, direta ou indiretamente, influenciam na habilidade das plantas em adaptar-se a diferentes condições de déficit hídrico durante seu crescimento e desenvolvimento. A sensibilidade do desenvolvimento das folhas ao déficit hídrico pode mudar no transcorrer do dia ou nas diferentes estações do ano, porém a limitação de expansão na área foliar pode ser considerada como uma primeira reação das plantas a esse déficit. Plantas cultivadas sob condições adequadas de suprimento hídrico são, normalmente, menos resistentes ao déficit hídrico e, quando da ocorrência rápida do déficit hídrico, os mecanismos morfofisiológicos são severamente afetados, pois a planta necessitaria adaptar-se rapidamente a esta situação de déficit; entretanto, quando o déficit hídrico ocorre gradualmente e/ou no início do ciclo, mais facilmente ocorre a adaptação das plantas. A tolerância da planta ao déficit hídrico parece ser um importante mecanismo de resistência para manter o processo produtivo em condições de baixa disponibilidade de água às plantas. "Por isso, a importância de se abordar alguns aspectos dos fatores morfológicos e fisiológicos que influenciam a habilidade das plantas na adaptação a situações de déficit hídrico."

  15. CONTROLE QUÍMICO E CULTURAL DAS PLANTAS DANINHAS NA VIDEIRA 'NIAGARA ROSADA'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PAULO EDISON MARTINS

    1997-01-01

    Full Text Available Estudou-se o controle das plantas daninhas e a seletividade dos herbicidas diclobenil, diuron e simazine à cultura da videira `Niagara Rosada', procurando-se separar os efeitos da cobertura morta sobre os fatores de produção e o teor de sólidos solúveis do suco da uva. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com quatro repetições. Verificou-se que os herbicidas diuron (2,0 kg/ha, simazine (2,4 kg/ha e diclobenil (3,04; 4,05 e 5,06 kg/ha foram seletivos à cultura da videira e eficientes no controle das plantas daninhas capim-colchão (Digitaria horizontalis Willd., caruru (Amaranthus hibridus L., guanxuma (Sida spp. e picão-preto (Bidens pilosa L.. A cobertura vegetal de capim-gordura (Melinis minutiflora L. foi eficiente no controle das plantas daninhas.

  16. O uso das plantas medicinais e o papel da fé no cuidado familiar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Crislaine Alves Barcellos de Lima

    2017-05-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Compreender o uso das plantas medicinais e o papel da fé no sistema de cuidado familiar. Método Pesquisa qualitativa, realizada em abril e julho de 2015, em um município do Rio Grande do Sul/Brasil, com três informantes conhecedores de práticas de cuidado. A interpretação dos dados seguiu referencial antropológico interpretativo. Resultados Emergiram duas categorias: Plantas medicinais no cuidado à saúde e Cuidado com o uso das plantas no ritual de benzer. Identificou-se que o uso das plantas e a cura pela fé constituem uma forma de autoatenção peculiar, própria do território, que resgata o ser humano da perspectiva biológica e íntegra corpo, alma, espírito e ambiente. Conclusão A investigação permitiu compreender que as plantas medicinais, além da relação biológica estabelecida, atuam no sistema de cuidado familiar, sendo que a sua utilização não opera conforme os princípios de compra e venda, mas da troca, do dar, receber e retribuir.

  17. AGGRESSIVENESS AND EXOENZIMES PRODUCTION OF Colletotrichum ISOLATES ON ORNAMENTAL TROPICAL PLANTS AGRESSIVIDADE E PRODUÇÃO DE EXOENZIMAS DE Colletotrichum ISOLADOS DE PLANTAS ORNAMENTAIS TROPICAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rildo Sartori Barbosa Coelho

    2011-04-01

    Full Text Available Anthracnose, generally caused by Colletotrichum gloeosporioides, affects inflorescences quality in different species of ornamental tropical plants and it is one of the main fungal diseases to those crops. The objective of this study was to evaluate the aggressiveness and exoenzimes production on solid medium of  25 Colletotrichum isolates collected from anthurium, torch ginger, and heliconia plants with necrosis symptoms. The symptomatic floral stems were harvested in different counties of the Pernambuco State, Brazil, and carried to the laboratory, where the isolation process took place. The isolates were inoculated in the floral stems bracts of the three species studied, and the aggressiveness evaluated five days after inoculation. Isolates were also plated on specific culture media to determine amylolytic, lipolytic, and proteolytic activity, and assessed seven days after inoculation. The isolates aggressiveness was variable and some of them were not pathogenic when inoculated to their origin hosts. Six isolates were pathogenic to all the analyzed ornamental species and four isolates showed host specificity. All tested isolates presented amylolytic, lipolytic, and proteolytic activity. No relation between aggressiveness and enzyme activity was observed in the isolates tested.

    KEY-WORDS: Anthurium andraeanum; Etlingera elatior; Heliconia spp.; variability.

    A antracnose, geralmente causada por Colletotrichum gloeosporioides, afeta a qualidade de inflorescências em diversas espécies de plantas ornamentais tropicais e destaca-se como uma das principais doenças de origem fúngica, para estas culturas. O objetivo deste trabalho foi verificar a agressividade e a produção de exoenzimas, em meio sólido, de 25 isolados de Colletotrichum obtidos a partir de inflorescências de

  18. Desenvolvimento e qualidade de plantas de Aechmea fasciata (Lindley) Baker com a utilização do cloreto de potássio ou do sulfato de potássio aplicados em três freqüência por via foliar.

    OpenAIRE

    Eloiza Santana Seixas Vitória; Izabel Cristina Leite

    2008-01-01

    A freqüência como a adubação foliar é realizada em bromélias é muita variada não havendo uma regularidade, ocorrendo casos em que é feita de acordo com os aspectos da planta. O potássio está entre os nutrientes que contribuem para melhoria da qualidade de plantas, incluindo ornamentais. As fontes potássicas mais comumente utilizadas na agricultura são o cloreto e o sulfato de potássio, e na forma de sulfato de potássio para algumas ornamentais, produz plantas de melhor qualidade e maiores qua...

  19. UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS DE ROCHAS ORNAMENTAIS NA PRODUÇÃO DE CERÂMICA BRANCA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio de Pádua Arlindo Dantas

    2010-04-01

    Full Text Available Os rejeitos de granito são provenientes do processo de mineração dessas rochas ornamentais para uso na indústria da construção civil. O Brasil é um dos maiores produtores de blocos ou produtos acabados de rochas ornamentais, extraindo cerca de 5,2 milhões toneladas/ano. Os maiores produtores nacionais são os estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia que respondem por 80% da produção nacional. Porém o desperdício em todo o processo de desmonte destes blocos chega a incríveis 40% do total. O uso dos detritos produzidos por esta indústria na cerâmica branca poderia ser uma forma de disposição desse material, visto que estes materiais, sob forma de lama, são lançados diretamente em lagoas de decantação, terrenos baldios ou jogados em rios, sem nenhum tratamento. O presente trabalho tem como propósito principal estudar a influência que o rejeito das rochas ornamentais exerce sobre as propriedades físicas e mecânicas da cerâmica branca. Para isso, foram feitas as caracterizações das matérias-primas por fluorescência de Raios-X, difração de Raios-X, análise granulométrica, análise termogravimétrica e análise termodiferencial, elaborando-se cinco formulações (0, 10, 20, 30, 40% em peso de granito que foram queimadas em três temperaturas: 1100°C, 1150°C e 1200ºC com 60 minutos de patamar. Após a queima, os corpos-de-prova foram submetidos a ensaios de absorção de água, retração linear, porosidade aparente, massa específica aparente, resistência à flexão, microscopia eletrônica de varredura. Foram obtidas propriedades tecnológicas compatíveis com os limites mínimos exigidos para a fabricação de um grês porcelanato. Palavras-chave: Rochas ornamentais. Argila caulinítica. Grês porcelanato.

  20. Bactérias e fungos benéficos na endosfera das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julierme Zimmer Barbosa

    2014-10-01

    Full Text Available No solo, a região da rizosfera em comparação com a massa de solo apresenta marcado contraste biológico, sendo um nicho de grande densidade e diversidade de microorganismos.  Alguns fungos e bactérias benéficos ao desenvolvimento vegetal têm capacidade de colonizar o interior de plantas a partir do solo, conhecidos como organismos endofíticos. Possivelmente sejam as bactérias nodulíferas, com sua reconhecida capacidade de fixar N em leguminosas as mais conhecidas. Bactérias não nodulíferas tem a capacidade de colonizar o interior das raízes das plantas através de regiões de crescimento, em seguida, podem ser carregadas via xilema rumo à parte aérea. Podem ser encontrados em todos os órgãos vegetais, todavia, poucos estudos têm analisado as populações que transitam no continuum solo-planta até atingir caules, folhas, flores, frutos e sementes. O ultimo grupo de organismos endofíticos apresentado é o grupo dos fungos micorrízicos, esses se caracterizam como um sistema de exploração do solo paralelo ao sistema radicular que, com diâmetro extremamente reduzido conseguem minar um grande volume de solo com pequena alocação de C, o que é extremamente benéfico na aquisição de nutrientes, também podem ser benéficos em condições abióticas adversas. Em adição, alguns fungos endofíticos benéficos também podem colonizar órgãos aéreos das plantas. As interações microbiológicas que ocorrem na endosfera são altamente complexas, simultâneas e dependentes de uma série de fatores, assim seu entendimento é de fundamental importância à aplicação prática dos conhecimentos acerca de microorganismos endofíticos em agrossistemas.

  1. Quantificação de pressões críticas para o crescimento das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Imhoff

    2001-03-01

    Full Text Available A compactação, uma das principais causas de degradação dos solos agrícolas, tem sido avaliada por meio de diversos indicadores: (a de qualidade estrutural do solo para o crescimento das plantas, como o intervalo hídrico ótimo (IHO, e (b de capacidade de suporte do solo, como a pressão de preconsolidação (σp. Este trabalho foi realizado com o objetivo não só de relacionar o IHO e a σp, mas também de determinar valores de pressões críticas (Pcr que possam ser aplicados ao solo sem restringir o crescimento das plantas ou provocar a compactação adicional do solo. O estudo foi realizado com amostras de Podzólico Vermelho-Amarelo, cultivado com cana-de-açúcar, no município de Piracicaba (SP. Na camada superficial do solo, foram coletadas trinta e seis amostras com estrutura indeformada para a quantificação do IHO e da σp. A partir do IHO, foi obtido o valor de densidade do solo crítica (Dsc para o crescimento das plantas. A σp foi linearmente relacionada com a densidade e umidade do solo, permitindo a incorporação dos valores de Dsc e do IHO para a quantificação de Pcr. Os resultados indicaram que a Pcr diminuiu linearmente com o incremento da umidade, variando de 360 kPa a 500 kPa para a faixa de umidade de θ = 0,18 m³ m-3 a θ = 0,12 m³ m-3. O parâmetro proposto permitiu definir pressões máximas que podem ser aplicadas ao solo, para diferentes umidades, sem promover a degradação da qualidade estrutural do solo para o crescimento das plantas.

  2. A importância das plantações de eucalipto na conservação da biodiversidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vagner de Araujo Gabriel

    2013-06-01

    Full Text Available Nas últimas décadas a expansão de plantações de Eucalyptus sp. foi notável no Brasil, destacando-se no cenário mundial. Diversos estudos revelam que tais plantações, especialmente aquelas respaldadas por instrumentos de certificação, podem trazer benefícios de cunho social e ambiental. Este trabalho apresenta dados coletados no período de 2002 a 2011 sobre a riqueza de plantas, aves e mamíferos em fazendas de plantação de eucalipto no Brasil. Discute-se sobre a importância dessas fazendas na conservação da biodiversidade, em que já foram registradas diversas espécies de plantas arbustivo-arbóreas, aves e mamíferos de médio e grande porte, respectivamente. Foi registrada a ocorrência de regeneração de plantas ameaçadas de extinção nos talhões de eucalipto: Araucaria angustifolia, Couratari asterotricha, Buchenavia hoehneana, Dalbergia nigra, Ocotea catharinensis e Ocotea porosa. Quanto às espécies da fauna ameaçadas de extinção, a águia-cinzenta (Urubitinga coronata, o chauá (Amazona rhodochorytha, o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus, o tamanduá (Myrmecophaga tridactyla e a anta (Tapirus terrestris já foram observados. Plantações florestais e fragmentos compostos por vegetação secundária figurarão entre os principais elementos das paisagens tropicais futuras. Desta forma, não se pode negligenciar a contribuição das plantações de eucalipto na conservação da biodiversidade.

  3. Oficina de plantas medicinais para vendedores informais das feiras livres de Caetité, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joyce Silva Oliveira

    2015-08-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo orientar os vendedores informais e a população sobre o uso racional e seguro das espécies vegetais utilizadas tradicionalmente pelas comunidades locais. A apresentação de palestra, atividades práticas no herbário como confecção de exsicatas, e entrega de cartilha sobre as principais plantas comercializadas no local foram desenvolvidas no Campus VI, UNEB. Destacou-se a urgência em relação às precauções no uso das plantas medicinais, já que imprecisões na sua utilização podem causar sérios problemas à saúde dos usuários. Palavras chave: Conhecimento popular, etnomedicina, medicina alternativa, vendedores informais. Áreas temáticas: Cultura, educação e meio ambiente

  4. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    OpenAIRE

    Rizzardi Mauro Antônio; Fleck Nilson Gilberto; Agostinetto Dirceu; Balbinot Jr. Alvadi Antônio

    2003-01-01

    As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das p...

  5. Resíduo agroindustrial na formação de mudas ornamentais irrigadas com água residuária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Costa Ferreira

    2014-06-01

    Full Text Available O reuso de água de esgoto tratada juntamente com o uso de resíduos industriais para a formação de mudas de girassol ornamental vem sendo uma alternativa econômica para o estado da Paraíba. Nesse contexto, a pesquisa foi realizada objetivando-se a utilização de resíduo agroindustrial na formação de mudas ornamentais irrigadas com água residuária. Desenvolvido em ambiente protegido na Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, localizado no Estado da Paraíba-PB, utilizaram-se os seguintes tratamentos: 100% substrato comercial (SC, 100% solo (S, 100% fibra de coco (FC e 50% (SC misturado a 50% (FC, combinados com 2 tipos de água (A1 – abastecimento; A2 – residuária. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, num esquema fatorial de 4 x 2, com 3 repetições e 3 plantas por repetição. Foram avaliados a altura de planta (AP, o número de folhas (NF e o diâmetro do caule (DC, comprimento radicular (CR, fitomassa fresca da parte aérea (FFPA e da raiz (FFR, fitomassa seca da parte aérea (FSPA e da raiz (FSR.  As maiores médias foram relacionadas à utilização de água residuária e resultados obtidos pelo uso dos diversos substratos, os quais tiveram significância para algumas variáveis, em pelo menos uma época de avaliação. Percebe-se a importância do uso de água residuária como fertirrigação das mudas e o reaproveitamento de resíduos industriais como substrato, sendo uma alternativa com grande potencial e viável para os pequenos agricultores.

  6. Estudo dos mecanismos de defesa de plantas de milho atraves das abordagens de analise proteomica e mapeamento de QTLs

    OpenAIRE

    Adriana Moreira da Silva e Silva

    2005-01-01

    Resumo: As plantas são capazes de responder e resistir ao ataque de patógenos ativando uma diversidade de estratégias de defesa. A maioria delas exibe uma estratégia geral onde são ativadas respostas bioquímicas de maneira coordenada, incluindo a reprogramação do metabolismo celular, o reforço das barreiras celulares e produção de compostos antimicrobianos e proteínas que agem diretamente sobre o patógeno. Mas existem também respostas específicas das plantas a determinados patógenos, onde são...

  7. Importância econômica, epidemiologia e controle das intoxicações por plantas no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice R.M. Pessoa

    2013-06-01

    Full Text Available A importância econômica, epidemiologia e controle das intoxicações por plantas em animais domésticos no Brasil são revisadas. Com os dados dos laboratórios de diagnóstico de diferentes regiões do país, as perdas anuais por mortes de animais foram estimadas em 820.761 a 1.755.763 bovinos, 399.800 a 445.309 ovinos, 52.675 a 63.292 caprinos e 38.559 equinos. No Brasil, atualmente, o número de plantas tóxicas é de 131 espécies e 79 gêneros e aumenta permanentemente. No entanto, a maioria das perdas são causadas por poucas plantas, incluindo Palicourea marcgravii, Amorimia spp., Senecio spp., Pteridium aquilinum, Ateleia glazioviana e Cestrum laevigatum em bovinos, Brachiaria spp em bovinos e ovinos, Nierembergia veitchii, Mimosa tenuiflora e Ipomoea asarifolia em ovinos, plantas que contêm swainsonina (Ipomoea carnea, Turbina cordata e Sida carpinifolia em caprinos e Brachiaria humidicola e Crotalaria retusa em equinos. Os principais fatores epidemiológicos relacionados às intoxicações por plantas incluem palatabilidade, fome, sede, facilitação social, desconhecimento da planta, acesso a plantas tóxicas, dose tóxica, período de ingestão, variações de toxicidade e resistência/susceptibilidade dos animais às intoxicações. Quanto aos métodos de controle e profilaxia descrevem-se os resultados obtidos no Brasil com métodos recentemente desenvolvidos, incluindo controle biológico, aversão alimentar condicionada, utilização de variedades não tóxicas de forrageiras, utilização de animais resistentes às intoxicações e técnicas de indução de resistência.

  8. Tolerância de mamona a zinco avaliada por fluorescência de clorofila e nutrição das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marise Conceição Marques

    2014-06-01

    Full Text Available A medida da fluorescência de clorofila pode ser uma ferramenta útil para detectar alterações no aparato fotossintético das plantas. Considerando que a detecção precoce da contaminação de zinco em plantas é essencial para o monitoramento ambiental, este trabalho objetivou avaliar o estresse causado por esse nutriente em plantas de mamona (Ricinus communis, utilizando a técnica da fluorescência de clorofila. As alterações provocadas pelo Zn nos pigmentos fotossintéticos e na composição mineral das plantas foram também estudadas. Plantas de mamona foram cultivadas durante 28 dias em solução nutritiva com cinco doses de Zn (100, 200, 300, 400 e 600 µmol L-1, além de um controle contendo 0,380 µmol L-1 do elemento. A fluorescência de clorofila detectou alterações temporais promovidas pelo acúmulo de Zn nas plantas e evidenciou-se útil na detecção precoce da toxicidade do elemento em plantas de mamona. Apesar do declínio no seu estado nutricional, a mamona apresentou relativa tolerância à toxicidade a doses elevadas de Zn, indicando ser essa espécie uma alternativa atraente para revegetação ou remediação de áreas contaminadas.

  9. PRODUÇÃO DE MATÉRIA SECA E ACÚMULO DE MACRONUTRIENTES NA PARTE AÉREA DAS PLANTAS DE NIGER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Munir Mauad

    2015-04-01

    Full Text Available O estudo da marcha de absorção de nutrientes e da produção de matéria seca em razão do estádio de desenvolvimento das culturas é de fundamental importância para subsidiar estratégias de adubação. Este trabalho objetivou determinar a produção de matéria seca e o acúmulo de macronutrientes na parte aérea das plantas de Guizotia abyssinica (niger, em diferentes estádios de crescimento e desenvolvimento. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com cinco repetições. Amostras da parte aérea das plantas foram coletadas aos 15, 30, 45, 60, 75 e 90 dias após a emergência (DAE. Em cada coleta, as plantas foram divididas em folha, caule + ramos, capítulo e aquênios (grãos, secas até peso constante para posterior determinação da massa de matéria seca e teor de N, P, K, Ca, Mg e S. Os teores dos macronutrientes na parte aérea das plantas de niger, seguiram a seguinte ordem de exportação de nutrientes: N > Ca > Mg > P > K > S. Em contrapartida, quanto aos teores dos nutrientes nos grãos por ocasião da colheita do experimento, a quantidade dos elementos exportados seguiu a ordem: N > P > Ca > Mg > S > K. Atenção especial deve ser dada à manutenção da adequada disponibilidade de N e P nas fases inicias por causa do ciclo curto e do rápido surgimento das estruturas reprodutivas. A exportação de nutrientes e o índice de colheita são baixos para as plantas de niger, resultando maior oferta de nutrientes para o cultivo em rotação.

  10. Cultivo do tomateiro sob diferentes espaçamentos entre plantas e diferentes níveis de desfolha das folhas basais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Luan Hachmann

    2014-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estudar a influência do espaçamento entre plantas e o nível de desfolha das folhas baixeiras nas características produtivas de frutos de tomate. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial de 2x4, com cinco repetições. Foram avaliados dois espaçamentos entre plantas (0,30 e 0,50 m e quatro níveis de desfolhas (0, 50 e 100% das folhas baixeiras retiradas após o pegamento dos frutos do primeiro cacho e 100% das folhas baixeiras retiradas após a colheita do primeiro cacho. Foi avaliado o número de frutos normais, com defeito e total por cacho; massa dos frutos normais, com defeito e total por cacho; diâmetro longitudinal e transversal dos frutos normais; e produtividade de frutos normais e total por cacho. A remoção das folhas baixeiras é favorável para as características produtivas, quando há uma maior densidade de plantas, e deve ser realizada antes da formação dos primeiros cachos. Para plantas mais espaçadas as folhas baixeiras exercem influência nessas características, não sendo favorável sua remoção durante a formação do primeiro cacho mas sim após a sua colheita. A desfolha é uma prática que pode ser utilizada para aumentar a aeração, melhorar o aproveitamento da radiação solar e diminuir problemas fitossanitários.

  11. Estudo dos efluentes gerados no processo de beneficiamento de rochas ornamentais em Santo Antônio de Pádua/RJ

    OpenAIRE

    Ramiris Petrilho Silveira; Vicente de Paulo Santos de Oliveira; Sérgio Luis Vieira do Carmo

    2016-01-01

    A região noroeste fluminense conta com um importante arranjo produtivo local no setor de beneficiamento de rochas ornamentais e de revestimento. Essa atividade é responsável por boa parte da renda local, empregando muitas pessoas. O principal produtor da região é o município de Santo Antônio de Pádua/RJ, que possui 154 empresas (78 pedreiras e 76 serrarias). A grande atividade de extração e beneficiamento das rochas vem causando na região problemas ambientais, pois durante as etapas de produç...

  12. Identificação e controle do Alternanthera mosaic virus isolado de Torenia sp. (Scrophulariaceae.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lígia Maria Lembo Duarte

    2008-07-01

    Full Text Available O mercado de flores e plantas ornamentais vem crescendo consideravelmente nos últimos anos, no Brasil. É importante destacar que, paralelamente ao crescimento das exportações, um aumento na importação de flores e plantas ornamentais vem sendo observado. Porém, apesar da introdução de novas espécies e variedades, são poucos os relatos de doenças causadas por vírus, possivelmente porque alguns induzem infecção latente, dificultando sua identificação. Assim, este trabalho teve como objetivo identificar biológica, sorológica e molecularmente o vírus presente em plantas de Torenia sp. assintomáticas, provenientes de região produtora do Estado de São Paulo. Além disso, uma medida de controle alternativo foi proposta. Verificou-se que o vírus isolado de torênia induziu, em hospedeiras experimentais, sintomas semelhantes aos causados por espécies do gênero Potexvirus. Este resultado foi confirmado por RT-PCR, utilizandose oligonucleotídeos específicos para potexvirus. Testes sorológicos, bem como análises das seqüências obtidas e filogenéticas foram fundamentais para a identificação do Alternanthera mosaic virus (AltMV, denominado de AltMV-T. Convém salientar que este vírus, assim como os potexvirus, de modo geral, são disseminados na cultura por instrumentos de poda e por contato. Visando um controle eficiente e de baixo custo, extrato foliar de Mirabilis jalapa foi pulverizado em plantas de Chenopodium amaranticolor, antes do corte das folhas com lâmina previamente imersa em inóculo viral. Verificou-se uma inibição da infecção causada pelo AltMV-T em 83%. Esse resultado viabiliza a utilização de extrato foliar de M. jalapa, antes dos procedimentos de desbaste das plantas, minimizando-se a disseminação do vírus pela cultura.

  13. Análises das embalagens de plantas medicinais comercializadas em farmácias e drogarias do município de Ijuí/RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.F. COLET

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO:O objetivo deste estudo foi analisar as embalagens de plantas medicinais comercializadas em farmácias e drogarias do município de Ijuí/RS, a partir das legislações vigentes sobre o tema. A coleta de dados foi realizada na primeira quinzena do mês de dezembro de 2011 em 13 estabelecimentos farmacêuticos localizados na região central do município, através de formulário elaborado a partir da legislação. Foram selecionadas para análise, plantas medicinais acondicionadas em diferentes tipos de embalagens e marcas. Foram avaliadas 44 embalagens de plantas medicinais, das quais 71% estavam irregulares no que se refere a indicação terapêutica e ao modo de preparo, considerando o preconizado pela RDC 10/10. Embora nem todas as drogas vegetais analisadas estivessem notificadas nesta Resolução, considerou-se o mesmo critério para todas as amostras analisadas. Além disso, 16% dos produtos analisados não apresentavam segurança quanto ao acondicionamento. A nomenclatura popular estava presente em todas as amostras, enquanto a nomenclatura botânica em apenas 75%. Conclui-se que todas as embalagens analisadas apresentaram alguma irregularidade em relação ao que estabelece a RDC nº10/2010, tendo em vista que nenhuma apresentou todos os requisitos exigidos por ela. Os resultados observados demonstram que a ausência das informações devidas nas embalagens ou nos folhetos informativos para orientar os consumidores, pode comprometer o uso seguro das plantas e prejudicar a saúde dos usuários.

  14. Adaptação das plantas ao fogo: enfoque na transição floresta - campo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heringer Ingrid

    2001-01-01

    Full Text Available A presença de campos entremeados pela floresta de araucária, na região do planalto meridional sul brasileiro, surpreende os estudiosos, pois a vigorar o clima atual, de maiores precipitações, a tendência seria o desenvolvimento de vegetação florestal. Os distúrbios, sobretudo a interação fogo-pastejo, e as baixas temperaturas da região, são os grandes responsáveis pelos limites e expansão da floresta latifoliada, e predomínio daquele tipo de vegetação. A vegetação campestre e arbórea submetida por longo período a fogos recorrentes desenvolveu uma série de estratégias no sentido de tolerar, evitar ou responder ao fogo. A resposta individual das plantas ao fogo envolve alterações morfológicas e fisiológicas, enquanto, na comunidade, observam-se mudanças na dinâmica da associação entre espécies. Na vegetação campestre, as gramíneas são o componente da comunidade mais tolerante ao fogo, devido ao contínuo crescimento dos meristemas intercalares e de novos afilhos que crescem protegidos no solo ou na bainha de folhas velhas. O fogo estimula o florescimento em plantas cuja forma de crescimento evita grande perda de material na queima. Também promove a liberação de sementes através do choque térmico ou de substâncias liberadas na fumaça. Na comunidade, os efeitos do fogo sobre as plantas são sentidos em relação ao modo de sobrevivência, natureza e localização dos tecidos regenerados. O comportamento das plantas em relação à queima pode ser como dependentes (estímulo à reprodução, resistentes (estímulo ao rebrote, ou plantas que evitam o fogo (ciclo anual. Portanto, o fogo tem complexos efeitos sobre a estrutura da vegetação, sendo que espécies vegetais sensíveis e tolerantes à queima tem diferentes sítios de preferência no ambiente.

  15. Ação de herbicidas sobre mecanismos de defesa das plantas aos patógenos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rizzardi Mauro Antônio

    2003-01-01

    Full Text Available As plantas necessitam defender-se continuamente do ataque de agentes biológicos e de estresses do ambiente. A imobilidade e a falta de sistema imunológico, como ocorre em animais, fizeram com que as plantas desenvolvessem mecanismos de defesa, em que cada célula possui tanto capacidade de defesa induzida quanto pré-formada. No entanto, esses mecanismos podem ser influenciados pelo uso de herbicidas. A presente revisão objetivou apresentar os efeitos de herbicidas em mecanismos de defesa das plantas contra patógenos, bem como analisar as possíveis conseqüências desse conhecimento no manejo de plantas daninhas e de culturas. Alguns herbicidas influenciam a severidade de doenças, induzindo ou inibindo a síntese de fitoalexinas. Herbicidas do grupo químico difeniléteres geram espécies reativas de oxigênio, as quais mediam a ativação de genes de defesa responsáveis pela síntese de fitoalexinas e também por reação de hipersensibilidade. O uso de subdoses de glyphosate ocasiona efeito contrário, diminuindo a produção de fitoalexinas e aumentando a severidade de doenças. A constatação desses efeitos requer a adoção de estratégias de manejo que minimizem seus impactos negativos ou que se beneficiem desses efeitos, como pode ocorrer quando do uso de bioherbicidas.

  16. Tratamento de sementes com bioestimulante ao milho submetido a diferentes variabilidades na distribuição espacial das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Fernando Kolling

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO: A utilização de bioestimulantes pode auxiliar a mitigar os prejuízos ao milho, ocasionados pela má qualidade de estande. Este trabalho foi conduzido objetivando avaliar o efeito do tratamento de sementes com bioestimulante sobre o desempenho agronômico do milho, submetido a diferentes níveis de variabilidade na distribuição espacial das plantas na linha de semeadura. O experimento foi implantado em Lages, SC, durante o ano agrícola de 2013/2014. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, dispostos em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais, testaram-se três níveis de desuniformidade espacial na linha: 0, 50 e 100% do Coeficiente de Variação (CV. No nível 0 % de CV, todas as sementes foram uniformemente distribuídas no sulco de semeadura, a uma distância de 17cm entre si. Nos demais níveis de CV, as distâncias entre sementes variaram conforme o tratamento. Nas subparcelas, testou-se a presença ou ausência do tratamento de sementes com bioestimulante. O aumento da variabilidade na distribuição espacial das plantas reduziu a área foliar e o teor de clorofila da folha índice no espigamento, bem como o diâmetro do colmo na colheita, independentemente do tratamento de sementes com bioestimulante. Isso contribuiu para reduzir o número de grãos por espiga e o rendimento de grãos dos tratamentos com 50 e 100% de CV na variabilidade espacial, tanto na presença quanto na ausência do bioestimulante. Portanto, o tratamento de sementes com bioestimulante não mitigou os prejuízos ao rendimento de grãos do milho ocasionados pela distribuição espacial irregular das plantas na linha de semeadura.

  17. Plantas medicinais e seus usos pelos sitiantes da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil Medicinal plants and its uses by the ranchers from the Rio das Pedras Reserve, Mangaratiba, RJ, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Franco Trindade Medeiros

    2004-06-01

    Full Text Available Os sitiantes que residem na Reserva Rio das Pedras, localizada no município de Mangaratiba, Estado do Rio de Janeiro, têm origem nos meeiros que trabalhavam nas plantações de banana da antiga fazenda Goiabal. Atualmente, esta fazenda corresponde ao Club Méditerranée, na cota próxima ao oceano Atlântico e à Reserva Rio das Pedras, acima da Rodovia Rio/Santos (BR-101, sendo um remanescente de Floresta Ombrófila Densa no Estado. O objetivo deste estudo foi resgatar informações sobre o uso de plantas medicinais pelos sitiantes que ainda residem nesta Reserva. Através de entrevistas estruturadas e semi-estruturadas aplicadas junto à comunidade, pôde-se fazer um levantamento das plantas presentes ao redor das casas dos mesmos. Ao todo foram citadas 36 espécies medicinais, distribuídas em 34 gêneros e 25 famílias. Estas espécies estão relacionadas a 28 usos medicinais, organizados em sete categorias. Predominaram espécies de plantas herbáceas (21 spp. seguidas das arbustivas (oito spp. e arbóreas (cinco spp.. Constatou-se que a folha foi a parte mais utilizada e o modo de preparo do remédio foi o decocto. Quantificou-se o número de citações por informante para cada táxon, possibilitando a indicação das espécies mais utilizadas na área, como a erva-de-santa-maria (Chenopodium ambrosioides L. e a pitanga (Eugenia uniflora L..The ranchers who live in Rio das Pedras Reserve, which lies in Mangaratiba County, State of Rio da Janeiro, came from sharecroppers who worked at the banana plantation of the farmer Goiabal farm. Nowadays, that farm corresponds to the Méditerranée Club in the area next to the Atlantic Ocean and to Rio das Pedras Reservation, above the Rio/Santos highway (BR-101, it is a remainder of the Dense Ombrophylous Forest in the State. The aim of this study was to collect information about the use of medicinal plants by the ranchers who still live in that Reservation. A survey of the plants, which could be

  18. Efeito de diferentes períodos de controle das plantas daninhas na produtividade da cultura da cebola Effect of different weed control periods on onion crop yield

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.J. Soares

    2004-12-01

    Full Text Available Foi realizado um experimento em Monte Alto-SP, visando estudar os efeitos de diferentes períodos de controle das plantas daninhas sobre a produção de bulbos da cultura da cebola (Allium cepa, cultivar 'Mercedes', no sistema de transplantio. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Parte dos tratamentos experimentais foi disposta num esquema fatorial 4 x 6, em que constituíram variáveis quatro períodos em que se fez o controle (0-0, 0-7, 0-14 e 0-21 DAT e seis períodos em que se reiniciou o controle das plantas daninhas prolongando até a colheita: 28, 42, 56, 70, 84 e 98 DAT. Duas testemunhas foram adotadas: uma com controle e outra sem controle das plantas daninhas durante todo o ciclo da cultura. Lycopersicon esculentum, Portulaca oleracea, Eragrostis pilosa e Galinsoga parviflora foram as plantas daninhas mais importantes na área. Não houve interação entre os diferentes períodos de controle das plantas daninhas. O controle inicial destas plantas deve se prolongar até 14 DAT e ser reiniciado aos 28 DAT, a fim de prevenir reduções significativas na produtividade em relação à testemunha no limpo A convivência com as plantas daninhas durante todo o ciclo da cebola reduziu a produtividade em 94,5%.An experiment was carried out in Monte Alto, SP to study the effects of different of weed control periods on the yield of onion (Allium cepa bulb, 'Mercedes' cultivar, under the transplanting system. The experiment was arranged in a completely randomized block design, with four replications. The treatments were arranged in 4 x 6 factorial design with four initial weed removal periods (after transplanting until 0, 7, 14 and 21 days and six final weed removal periods (from 28, 42, 56, 70, 84 or 98 days after transplanting until harvest. Two controls were adapted with and without weed control throughout the onion cycle. Lycopersicon esculentum, Portulaca oleracea, Eragrostis pilosa and

  19. Plantas medicinais comercializadas no Mercado Municipal de Campo Grande-MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirella Ustulin

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi realizar um levantamento etnofarmacológico das principais espécies vegetais comercializadas no Mercado Municipal de Campo Grande (MS. O estudo foi realizado entre agosto de 2002 e agosto de 2003, através de entrevistas com os raizeiros. Cerca de 117 espécies foram citadas. Foram selecionadas as plantas dos biomas Cerrado e Pantanal e dessas 34 espécies foram adquiridas. Das plantas adquiridas 22 foram identificadas botanicamente, pois o material das outras foi deficiente para determinação até espécie. Das plantas identifificadas, somente dez são típicas do cerrado, podendo-se citar a Curatella americana, Guazuma ulmifolia, Maclura tinctoria e Stryphnodendron obovatum. A família com o maior número de citação foi Asteraceae, seguida de Moraceae, Sterculiaceae e Leguminosae. A parte das plantas mais utilizada é a folha, preparada principalmente como infusão. A indicação terapêutica mais citada foi como cicatrizante, no tratamento de feridas e dores reumáticas. Grande parte das espécies têm indicação de utilização popular para várias patologias e a maioria das espécies (65,2% não teve qualquer estudo farmacológico que confirmasse a indicação popular. Somente oito espécies (34,8% tiveram alguma atividade confirmada na literatura.

  20. Jeitos, sujeitos e afetos: participação das plantas na composição de médiuns umbandistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Crepaldi Carlessi

    Full Text Available Resumo A partir de um trabalho de campo de caráter etnográfico realizado em um terreiro de umbanda da capital paulista, este artigo analisa o processo de ‘tornar-se médium’ através do engajamento, contato e contágio que os adeptos estabelecem com as plantas. A narrativa se constrói com relatos de membros iniciantes – chamados ‘médiuns em desenvolvimento’ –, mães e pais-de-santo e suas experiências de sentir, perceber e permitir a ação das plantas na composição de seus estados e modos de ser. Os relatos compartilhados nesta etnografia indicam que, ao passo que os umbandistas coletam, rezam e preparam as plantas para uso em suas práticas cotidianas, como forma também de se elaborarem (ou, numa linguagem mais próxima do terreiro, de ‘se desenvolverem’, as plantas igualmente se desenvolvem através dos homens: promovem encontros e construções a partir de suas próprias (e autônomas habilidades. Neste processo, cabe aos humanos aceitar e ensinar aos mais novos certa percepção dos afetos promovidos pelas plantas na composição daquilo que são.

  1. LEVANTAMENTO ETNOBOTÂNICO DE PLANTAS MEDICINAIS NO BAIRRO MASSAGUAÇU, CARAGUATATUBA - SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas de Souza

    2017-01-01

    Full Text Available O conhecimento sobre plantas medicinais muitas vezes representa o único recurso terapêutico para algumas comunidades. A pesquisa etnobotânica e etnofarmacológica registra e documenta o conhecimento tradicional e a informação sobre os usos empíricos das plantas, as quais estão em franco processo de desaparecimento e ainda fundamenta que este resgate deve ser efetuado junto as comunidades rurais. O presente trabalho teve como objetivo fazer o levantamento etnobotânico sobre o conhecimento e o uso das plantas medicinais no bairro Massaguaçu, Caraguatatuba, SP. Foram catalogadas 35 famílias botânicas com 64 espécies de plantas medicinais. Com relação as partes da planta utilizada no preparo dos remédios caseiros a comunidade citou folhas, caule, flor, fruto, raiz, tubérculo, semente e cascas. A utilização das plantas medicinais no bairro do Massaguaçu foi direcionada para a cura de afecções como gripe e o resfriado.

  2. Las plantas medicinales en el control de nemátodos gastrointestinales en cabras: potencial de las plantas que crecen en la región de Coquimbo, Chile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. MOYA

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO O objetivo deste estudo foi determinar o potencial de plantas que crecem na região de Coquimbo, no controle de nematódeos gastrintestinais em caprinos. Nós usamos uma abordagem não-experimental para validar a eficácia potencial das plantas medicinais como anti-helmínticos. Esta validação foi realizada com base em uma revisão da extensa literatura consultada a respeito de plantas medicinais. Determinou-se o um potencial de eficácia das plantas, da consistência das informações sobre o uso tradicional, os compostos presentes e farmacologia. Analisamos também os dados dos potenciais efeitos adversos que impedem seu uso em animais. Antecedentes apoiam a um alto potencial da eficácia como anti-helmíntico para se três espécies de plantas que crescem na região de Coquimbo: Allium sativum L., Artemisia absinthium L. e Chenopodium ambrosioides L. Os possíveis efeitos secundários do consumo de plantas medicinais ou seus derivados devem ser avaliadas em testes de campo antes de serem utilizados nas em escala produtiva.

  3. Plantas medicinais

    OpenAIRE

    Neves, J. M.; Cunha, Sílvia

    2006-01-01

    As plantas são uma fonte importante de compostos com actividade biológica. As novas moléculas têm grande interesse científico, económico e social podendo contribuir, em muito, para a saúde das pessoas e da sua qualidade de vida. O rastreio de novos compostos com actividade biológica é fundamental e, os Açores, pelas suas características particulares e endemismos assumem particular importância. A construção de uma “biblioteca de actividades” e o controlo das vias metabólicas sem descarta...

  4. Transferências de plantas em uma perspectiva histórica: o estado da discussão*

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    William Beinart

    Full Text Available Este artigo explora algumas rotas dentro da história da transferência de plantas, especialmente durante o período do imperialismo europeu. Tenta extrair conhecimento de diferentes campos de pesquisa, que geralmente não estão justapostos, tecendo em conjunto perspectivas advindas de disciplinas contrastantes. Não pretende oferecer uma história completa, pois tal seria uma tarefa muito mais complexa. Tentamos incluir deliberadamente plantas cultivadas para a agricultura, plantas de jardim, ervas daninhas e plantas invasoras na mesma estrutura de análise, pois é difícil definir algumas espécies apenas dentro de uma dessas categorias culturalmente construídas. O artigo desenvolve três pontos principais. Primeiramente, ele levanta questões sobre o padrão assimétrico de transferência de plantas durante o período imperialista, consequentemente desafiando algumas das proposições presentes no livro Ecological imperialism, de Alfred Crosby. Em segundo lugar, avaliamos a literatura recente com relação à história da botânica e das instituições botânicas e sugerimos que uma área mais ampla de atuação humana necessita ser considerada, assim como as transferências acidentais, se quisermos mapear e compreender os movimentos globais das espécies de plantas. Em terceiro lugar, argumentamos que, na busca de generalizações sobre os padrões de transferência, os cientistas têm se concentrado em demasia nas propriedades das plantas e os historiadores, no entendimento das instituições políticas e econômicas. A construção de uma história global, assim como de histórias de plantas específicas, requer uma combinação de percepções e pesquisas advindas das ciências exatas, sociais e humanas.

  5. Medicina popular: benefícios e malefícios das plantas medicinais Medicina popular: benefícios y malefícios de las plantas medicinales Popular medicine: benefits and drawbacks of medicinal plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inácia Sátiro Xavier de França

    2008-04-01

    Full Text Available Estudo descritivo objetivando verificar se os herbolários oferecem as informações corretas para a utilização das plantas medicinais; se orientam os clientes acerca das possíveis intoxicações ou interação com os alopáticos; e se utilizam critérios para a comercialização dos fitoterápicos. Utilizou-se um questionário contendo questões abertas e fechadas envolvendo aspectos da atuação dos herbolários com os fitoterápicos. Os herbolários conhecem a maioria das plantas medicinais, entretanto, há lacunas acerca da indicação correta desses produtos, dos efeitos colaterais e toxicidade. Os herbolários carecem conhecer melhor os princípios ativos das ervas, as indicações terapêuticas, orientar os usuários acerca das possíveis interações farmacológicas ou intoxicações medicamentosas e a respeito da limpeza, armazenamento, tempo de vida útil e contra-indicações do produto.Estudio descriptivo con los objetivos de verificar se los herbolarios ofrecen las informaciones correctas para la utilización de las plantas medicinales; se orientan los clientes acerca de las posibles intoxicaciones o interaciones con los alopáticos y se utilizan critérios para la comercialización de los fitoterápicos. Se utilizó una encuesta conteniendo preguntas subjetivas y también objetivas tratando de aspectos de la actuación de los herbolarios con los fitoterápicos. Los herbolarios conocen la mayoría de las plantas medicinales, por lo tanto, hay huecos acerca de la indicación correcta de esos productos, de los efectos colaterales y de la toxicidad. Esos profesionales carecen conocer mejor los princípios activos de las hierbas, las indicaciones terapeuticas, orientar los usuários sobre las posibles interacciones farmacológicas o intoxicaciones medicamentosas y a respeto de puntos como limpieza, armazenamiento, tiempo de vida útil y contra-indicaciones del producto.Descriptive study which aims to verify if the herbalist offer the

  6. Produtividade e rendimento das duas classes de plantas existentes no Café "Mundo Novo" Fruit and seed yields of two classes of Mundo Novo coffee plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. J. T. Mendes

    1955-01-01

    Full Text Available Dados já publicados sobre produção de frutos e rendimento em sementes, de progênies do café Mundo Novo, foram reclassificados com base na existência de duas classes distintas de plantas : a aquelas heterozigotas (Dd, em que há ocorrência de endosperma discóide e conseqüente formação de maior quantidade de frutos chochos ; e b aquelas homozigotas (DD em que o endosperma é normal e por conseguinte os frutos são normais. Verificou-se que o peso da produção em frutos das plantas Dd é, em média, maior que o das plantas DD. A ocorrência do endosperma discóide, no entanto, acarreta um rendimento menor em sementes, para igual peso de frutos. O resultado final em peso de sementes chega a pender em favor das plantas DD, sem, no entanto, haver uma diferença estatisticamente significativa. A existência de plantas Dd nos cafezais é, portanto, prejudicial, uma vez que, para produzir mais frutos elas retiram maior quantidade de elementos minerais do solo ; a maior produção exige maior mão de obra na colheita ; e o pêso do produto final, café beneficiado, não é compensador, pois não é superior ao das plantas DD. As fontes de sementes são várias, atualmente ; se o fornecedor não faz qualquer seleção, as plantas com o defeito tendem a diminuir ; se o fornecedor, imaginando que faz seleção, escolhe as plantas aparentemente mais produtivas, o defeito aumentará na nova plantação ; se o fornecedor das sementes leva em consideração a produtividade e ao mesmo tempo a não ocorrência de frutos chochos, a nova plantação estará pràticamente isenta do defeito. Sómente as sementes certificadas pelo Instituto Agronômico apresentam a garantia de produzir exclusivamente plantas DD.Evidence presented in previous papers indicated that two classes of plants are present in ordinary populations of Mundo Novo coffee (Coffea arabica L. : a heterozygotes (Dd in which the occurrence of "discoid endosperm" is responsible for the

  7. Ocorrência de plantas daninhas no cultivo de bromélias Weed ocurrence on bromeliaceae cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I.M.C. Rodrigues

    2007-12-01

    Full Text Available A família Bromeliaceae, dentre a grande variedade de plantas tropicais nativas do Brasil, tem merecido destaque devido à sua importância econômica como plantas ornamentais, sendo atualmente muito cultivadas e utilizadas na decoração de interiores e em projetos paisagísticos. Alguns gêneros são endêmicos da Floresta Atlântica e, em função dessa procura, a retirada de seus ambientes naturais constitui ameaça a algumas espécies. A Unidade de Pesquisa e Conservação de Bromeliaceae (UPCB, localizada na Universidade Federal de Viçosa (UFV, MG, tem como finalidade promover a pesquisa em favor da conservação da família Bromeliaceae. Um problema constante na manutenção desse acervo é a infestação por plantas daninhas. Objetivou-se neste trabalho definir as espécies de plantas daninhas críticas no cultivo de bromélias. Foram realizadas visitas semanais, no período de 17 de novembro de 2006 a 17 de janeiro de 2007, para caracterização do comportamento das espécies de plantas daninhas no cultivo de bromélias na UPCB. Após esse período, realizou-se capina manual dos vasos e triagem das espécies daninhas, que foram identificadas e quantificadas. As espécies críticas foram descritas e seus indivíduos férteis depositados no Herbário VIC, do Departamento de Biologia Vegetal, como material testemunha. Realizou-se, também, documentação fotográfica das espécies durante o período de infestação. Foram identificadas duas espécies críticas: brilhantina (Pilea microphylla, com média de seis indivíduos por vaso, e agriãozinho (Cardamine bonariensis, com média de 13 indivíduos por vaso; sete espécies consideradas potencialmente críticas, com destaque para barba-de-falcão (Crepis japonica; e 12 espécies oportunistas.The Bromeliaceae family stands out among the great variety of Brazilian native tropical plants because of the economic importance of its ornamental plants, currently widely cultivated and used for

  8. Influência do tamanho das plantas de produção nos custos de refeições das unidades de alimentação e nutrição da divisão de alimentação COSEAS/USP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AVEGLIANO Roseane Pagliaro

    2001-01-01

    Full Text Available Neste estudo, analisou-se a influência do tamanho das plantas de produção de refeições, as Unidades de Alimentação e Nutrição da Divisão de Alimentação COSEAS/USP, nos custos das refeições produzidas em 1997, a preços de abril de 1998. O número de refeições produzidas em cada Unidade de Alimentação e Nutrição foi utilizado como proxy do tamanho de cada planta de produção. Foram calculados os custos unitários de refeições, abrangendo a totalidade do universo em 1997. A comparação com os preços, por categoria de usuários, permitiu o cálculo da margem de contribuição. Os principais resultados foram: não há relação entre os custos unitários de gêneros alimentícios e a planta de produção, mas quanto maior a planta menores são os custos diretos unitários. O cálculo da margem de contribuição permitiu confirmar a existência da política da Universidade de subsídio às refeições oferecidas a sua comunidade.

  9. Ecologia comportamental na interface inseto-planta : padrões de oviposição da borboleta Eunica Bechina em uma planta visitada por formigas

    OpenAIRE

    Sebastian Felipe Sendoya Echeverry

    2007-01-01

    Resumo: As larvas de Eunica bechina (Lepidóptera; Nymphalidae) se alimentam das folhas jovens do pequi Caryocar brasiliense (Caryocaraceae), uma planta que apresenta nectários extraflorais (NEFs). Estes nectários são intensamente visitados por muitas espécies de formigas forrageadoras de néctar no cerrado brasileiro. As formigas exercem uma forte pressão seletiva nas larvas devido à predação e/ou remoção das lagartas na planta hospedeira. Este estudo examina experimentalmente se a presença d...

  10. Silício alterando compostos derivados da pirólise de bainhas foliares de plantas de arroz infectadas por Rhizoctonia solani

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Schurt

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo elucidar, por meio da pirólise analítica acoplada à cromatografia gasosa e espectrometria de massa, alterações na composição química da lignina nas bainhas de plantas de arroz das cultivares BR-Irga 409 e Labelle supridas ou não com silício (Si e infectadas por Rhizoctonia solani. A concentração de Si nas bainhas das plantas supridas com esse elemento foi significativamente maior (2,7 dag kg-1 em comparação com as plantas não supridas (0,45 dag kg-1. Na presença de Si, a área abaixo da curva do progresso da queima das bainhas foi significativamente reduzida em 19 e 25%, respectivamente, para as plantas das cultivares BR-Irga-409 e Labelle em relação à ausência desse elemento na solução nutritiva. Com base nos espectros de massas obtidos, foram identificados 33 compostos, dos quais 10 foram produtos da degradação de carboidratos e 23 derivados da lignina. Dentre os derivados da lignina, oito compostos eram do tipo p-hidroxifenila, 11 compostos do tipo guaiacila e quatro compostos do tipo siringila. Nas bainhas das plantas das duas cultivares de arroz, supridas ou não com Si, a concentração de lignina (p-hidroxifenila, siringila (S e guaiacila (G foi de, aproximadamente, 15%. Houve aumento na relação S/G apenas nas bainhas das plantas da cultivar BR-Irga 409 supridas com Si e infectadas por R. solani. A maior concentração de Si nas bainhas das plantas de arroz das duas cultivares, que por sua vez resultou em aumento na relação S/G, contribuiu para reduzir os sintomas da queima das bainhas.

  11. Sombreamento de plantas de Catharanthus roseus (L. G. Don 'Pacifica White' por malhas coloridas: desenvolvimento vegetativo Shading of 'Pacifica White' Catharanthus roseus (L. G. Don plants with colored nets: vegetative development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Adriano Martins Melo

    2009-04-01

    Full Text Available As malhas coloridas têm sido utilizadas para manipular o desenvolvimento vegetativo, melhorando a utilização da radiação solar por plantas ornamentais. Objetivou-se, neste trabalho estudar o efeito da redução de 50% da radiação fotossinteticamente ativa sobre o crescimento vegetativo de plantas de Catharanthus roseus (L. G. Don, por meio de malhas azul e vermelha e malha preta, em comparação com plantas crescidas na ausência de sombreamento (pleno sol. As plantas foram obtidas a partir de sementes e tratadas por 180 dias. Foram avaliados o ganho de biomassa e a distribuição de matéria seca nas plantas, o conteúdo de pigmentos foliares (clorofilas e carotenóides e de nitrogênio foliar. A malha vermelha provocou um aumento de matéria seca total e de área foliar das plantas em comparação com as malhas azul, preta e ao tratamento a pleno sol, porém, exceto em relação a esse tratamento, a malha vermelha causou menor conteúdo de nitrogênio e pigmentos foliares. A maior relação raiz/parte aérea e relação clorofila a/b, menores razões de área foliar e de massa foliar das plantas crescidas a pleno sol em relação às plantas sombreadas indicam um efeito mais proeminente da irradiância mais alta do que da alteração do espectro de luz. O sombreamento altera significativamente a distribuição de matéria seca e o uso de malhas de diferentes cores modifica o conteúdo de pigmentos fotossintéticos dessa espécie.Colored shade nets have been used to manipulate the vegetative development, improving the utilization of solar radiation by ornamental plants. This work aimed to study the effect of 50% reduction of PAR on vegetative growth of plants of Catharanthus roseus (L. G. Don, using blue and red nets, and black net, in comparison to plants growing under full sunlight (lack of shading. The plants were obtained from seeds and treated for 180 days. Biomass increment and distribution, pigment content (chlorophylls and

  12. Levantamento etnobotânico das plantas medicinais utilizadas pela comunidade de Inhamã, Pernambuco, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.P. Rodrigues

    2014-01-01

    Full Text Available Avaliou-se o conhecimento, uso, obtenção e indicação terapêutica de plantas utilizadas pela comunidade rural de Inhamã, situada no município de Abreu e Lima, PE, Brasil. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 75 moradores. Foram citadas 155 espécies, distribuídas em 112 gêneros e 59 famílias. Conforme a indicação terapêutica, as espécies foram agrupadas em sistemas corporais reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde e o índice de importância relativa (IR foi calculado para cada espécie. Destacaram-se pelo número de espécies, as famílias: Asteraceae, Fabaceae e Lamiaceae. As doenças mais citadas estiveram relacionadas aos sistemas respiratório e gastrointestinal. Ocimum gratissimum, alfavaca, apresentou o maior valor de IR (2,0, seguido por Lippia alba, erva cidreira (1,6, Mentha villosa, hortelã pequena (1,6 e Musa paradisiaca, banana (1,5, indicadas para tratamento de transtornos dos sistemas respiratório, digestório e nervoso. Apenas 11% das espécies citadas tiveram prescrições médicas. Inhamã diferencia-se de outras comunidades próximas a centros urbanos porque os moradores cultivam a maioria das espécies medicinais que consomem.

  13. Controle de plantas daninhas na cultura de soja resistente ao glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Núbia Maria Correia

    2010-01-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi avaliar o controle de plantas daninhas em área cultivada com soja resistente ao herbicida glyphosate, sem a utilização de práticas complementares de manejo de plantas daninhas. Foram desenvolvidos experimentos, em condições de campo, nos anos agrícolas 2005/2006 e 2006/2007 em Jaboticabal (SP. Foram avaliadas duas cultivares de soja resistentes ao glyphosate (CD 214 RR e M-SOY 8008 RR, oito tratamentos de herbicidas (glyphosate, em aplicação única, nas doses de 0,48; 0,72; 0,96 e 1,20 kg ha-1 de equivalente ácido, associadas ou não a aplicação sequencial na dose de 0,48 kg ha-1, além de duas testemunhas, uma capinada e outra mantida infestada. As cultivares de soja influenciaram na infestação das espécies de plantas daninhas na área. Sem a aplicação de glyphosate, houve o predomínio de X. strumarium na área, desfavorecendo a ocorrência de outras espécies. Quando utilizado glyphosate, independentemente da dose, a infestação contabilizada aos 35 e 40 dias após a primeira aplicação, no primeiro e segundo ano, respectivamente, foi baixa. O controle de plantas daninhas na cultura da soja transgênica é diretamente influenciado pela dose de glyphosate, havendo controle satisfatório com a aplicação única de 0,96 kg ha-1 ou a sequencial de 0,48 + 0,48 kg ha-1 de glyphosate. Em situação de menor infestação (2006/2007, a aplicação única de 0,48 kg ha-1 de glyphosate é suficiente para o controle das plantas daninhas. As cultivares de soja transgênica CD 214 RR e M-SOY 8008 RR influenciam diferencialmente a dinâmica das espécies de plantas daninhas, sendo o controle químico mais efetivo na situação de cultivo de M-SOY 8008 RR, em que houve menor diversidade e desenvolvimento das plantas daninhas.

  14. Potencial anti-Sporothrix spp. de plantas da família lamiaceae

    OpenAIRE

    Stefanie Bressan Waller

    2015-01-01

    As propriedades terapêuticas das plantas medicinais são cada vez mais estudadas, principalmente devido aos crescentes casos de resistência antimicrobiana, como observado em cepas do Complexo Sporothrix. As plantas da família Lamiaceae são conhecidas por suas propriedades antifúngicas, entretanto, são escassos seus estudos contra agentes causadores da esporotricose. Devido ao potencial promissor dessas plantas, objetivou-se (1) avaliar a atividade anti-Sporothrix spp. in vitro de Origanum vulg...

  15. Inquérito epidemiológico sobre plantas tóxicas das mesoregiões Central e Oeste do Rio Grande do Norte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Severino Antonio Geraldo Neto

    2013-07-01

    Full Text Available Foi realizado um estudo para determinar as plantas tóxicas incriminadas como de interesse zootécnico em 35 municípios das mesorregiões Central e Oeste do estado do Rio Grande do Norte (RN. Foram entrevistados 180 produtores, 20 médicos veterinários, 12 técnicos agrícolas e 5 agrônomos. Os dados obtidos nas entrevistas foram compilados e analisados com auxílio do programa Epi Info versão 6.04. As plantas tóxicas relatadas pelos entrevistados como causadoras de diversos surtos foram Ipomoea asarifolia, Aspidosperma pyrifolium, Indigofera suffruticosa, Manihot carthaginensis subsp. glaziovii, Amorimia septentrionalis, Tephrosia cinerea, Anadenanthera colubrina var. cebil, Marsdenia megalantha, Anacardium occidentale, Cnidoscolus quercifolius, Crotalaria retusa, Froelichia humboldtiana, Ipomoea carnea, Leucaena leucocephala, Manihot esculenta, Mimosa tenuiflora, Nerium oleander, Prosopis juliflora, Ricinus communis, Sorghum bicolor, Sorghum halepense e Urochloa (Brachiaria decumbens.

  16. Plantas daninhas como hospedeiras alternativas para Pratylenchus brachyurus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Braga Pereira Braz

    Full Text Available RESUMO Uma das ações indiretas exercidas pelas plantas daninhas na interferência sob espécies cultivadas é o potencial de hospedar agentes causadores de enfermidades. O nematoide das lesões radiculares (Pratylenchus brachyurus vem causando uma série de danos em diversas culturas no Brasil. Para o manejo deste fitoparasita, o cultivo de diferentes espécies de crotalárias tem sido empregado. O objetivo deste trabalho foi avaliar a hospedabilidade de plantas daninhas para P. brachyurus, bem como o efeito de supressão de diferentes espécies de crotalária. Para isso, foi instalado um experimento em casa de vegetação no delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial (2x17, com seis repetições. O primeiro fator consistiu na presença ou ausência da inoculação do nematoide. O segundo correspondeu a dezessete espécies vegetais, sendo onze plantas daninhas, quatro crotalárias (C. breviflora, C. juncea, C. ochroleuca e C spectabilis e duas variedades de soja, as quais serviram como testemunha sendo hospedeiras de P. brachyurus. A inoculação do nematoide das lesões radiculares não influenciou a altura de plantas e massa seca de parte aérea das diferentes espécies avaliadas. Portulaca oleracea, Amaranthus viridis e Sida rhombifolia foram as espécies com maior número de nematoides por sistema radicular, e apenas a S. rhombifolia apresentou comportamento semelhante a testemunha (variedade de soja BMX Potência RR®. Com relação ao número de nematoides por grama de raiz, os maiores valores foram observados para A. viridis, seguido por P. oleracea. Excluindo-se a C. juncea, todas as demais espécies de crotalária apresentaram-se como boas opções para o manejo em áreas infestadas com P. brachyurus.

  17. ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA EM GOIABEIRAS ‘PALUMA’:II. EFEITO NO ESTADO NUTRICIONAL DAS PLANTAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DANIEL ANGELUCCI DE AMORIM

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO A adequada adubação mineral de pomares de goiabeira, sob manejo intensivo, é fator preponderante na produtividade, e o acompanhamento do estado nutricional das plantas contribui para a eficiência desta prática agronômica.Objetivou-se pesquisar o efeito de diferentes doses de nitrogênio e potássio sobre o estado nutricional de goiabeiras‘Paluma’. O experimento foi conduzido em Vista Alegre do Alto-SP, em pomar irrigado, com sete anos deidade, manejado com podas de frutificação, durante quatro ciclos de produção consecutivos. O solo é o Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com trêsrepetições, em esquema fatorial com quatro doses de nitrogênio (0; 0,5; 1,0 e 2,0 kg planta-1 de N e quatro depotássio (0;0,55; 1,1 e 2,2 kg planta-1 de K2O. A adubação nitrogenada promoveu aumento nos teores foliares de N e Mn e decréscimo nos teores de P e B, observados do segundo ao quarto ciclo produtivo. A adubaçãonitrogenada elevou os teores de Ca e Mg, respectivamente, no segundo e terceiro ciclos. Com exceção doprimeiro ciclo produtivo, os teores foliares de K e Mn aumentaram em função da adubação potássica, enquanto os teores de Mg, no segundo e quarto ciclos, diminuíram em função dessa adubação.

  18. Plantas aquáticas e nível de infestação das espécies presentes no reservatório de Barra Bonita, no rio Tietê

    OpenAIRE

    Carvalho,F.T.; Galo,M.L.B.T.; Velini,E.D.; Martins,D.

    2003-01-01

    O monitoramento da vegetação aquática permite avaliar a evolução das comunidades e determinar o potencial de danos associados a essas populações. O objetivo do trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie, presentes no reservatório de Barra Bonita. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática presentes na represa (335 pontos), sendo os pontos demarcados com um aparelho de GPS. As plantas foram identificadas e foi feita uma estimativa visual d...

  19. Plantas visitadas por abelhas africanizadas em duas localidades do estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marchini Luís Carlos

    2001-01-01

    Full Text Available O conhecimento das plantas de uma região, sua época de florescimento e as características do pólen, auxiliam na determinação das espécies vegetais que contribuem para a composição do mel. Durante o período de 1994 a 1997 foram inventariadas, semanalmente, em diferentes horários e num raio de aproximadamente 300m dos apiários da USP/ESALQ, em Piracicaba,SP (22°43'S, 47°27'W e 580 m e do Instituto de Zootecnia, em Pindamonhangaba, SP (22°57'S, 45°27'W e 560 m, as plantas que estavam sendo visitadas por abelhas. Foram anotados o mês e o período de florescimento das plantas inventariadas. Em Piracicaba foram identificadas 94 espécies de plantas pertencentes a 41 famílias (maior número de espécies nas famílias Asteraceae e Myrtaceae e em Pindamonhangaba, 76 espécies, pertencentes a 26 famílias (maior número de espécies nas famílias Asteraceae e Verbenaceae. Os resultados indicam que 21 famílias, 22 gêneros e 15 espécies de plantas visitadas pelas abelhas africanizadas foram comuns em ambas as localidades.

  20. Interferência de plantas daninhas na cultura da cenoura (Daucus carota Weed interference on carrot crop (Daucus carota

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M Coelho

    2009-12-01

    Full Text Available A cenoura é uma importante hortaliça no Brasil, cuja produtividade pode ser muito reduzida devido à interferência de plantas daninhas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar efeitos de períodos de convivência das plantas daninhas na produtividade da cenoura cultivar "Brasília" e na comunidade de plantas daninhas. Os tratamentos foram constituídos de períodos crescentes de convivência ou controle das plantas daninhas. A comunidade de plantas daninhas foi avaliada quanto a número de indivíduos, matéria seca acumulada e frequência de ocorrência das espécies, e a cultura, quanto à produtividade comercial. As principais plantas daninhas foram Ageratum conyzoides, Digitaria nuda, Eleusine indica e Lepidium virginicum. A presença da comunidade de plantas daninhas durante todo o ciclo da cultura pode acarretar perdas de 94% na produtividade, evidenciando alta suscetibilidade da cenoura à interferência das plantas daninhas. Contudo, não houve período crítico de prevenção à interferência, e um único controle das plantas daninhas, entre 22 e 31 dias após a semeadura, foi suficiente para garantir a produção da cultura.Carrot is an important horticultural crop in Brazil, and its productivity may be highly reduced due to weed interference. This study evaluated the effects of weed coexistence periods on carrot cultivar 'Brasilia' yield and on the weed community. The treatments were constituted of increasing weed coexistence periods or weed-free periods. The weed community was evaluated based on number of individuals, dry matter accumulation, and frequency of occurrence; while the crop was evaluated based on marketable productivity. The main weeds were Ageratum conyzoides, Digitaria nuda, Eleusine indica, and Lepidium virginicum. The presence of the weed community throughout the crop season can cause yield losses of 94%, showing high susceptibility of the carrot crop to weed interference. However, there was no critical period for

  1. Modeling of weeds interference periods in bean Determinação de períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do feijão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.C. Parreira

    2012-12-01

    Full Text Available The research objective was to determine the effects of spacing and seeding density of common bean to the period prior to weed interference (PPI and weed period prior to economic loss (WEEPPEL. The treatments consisted of periods of coexistence between culture and the weeds, with 0 to 10, 0 to 20, 0 to 30, 0 to 40, 0 to 50, 0 to 60, 0 to 70, and 0 to 80 days and a control maintained without weeds. In addition to the periods of coexistence, there were still studies with an inter-row of 0.45 and 0.60 m, 10 and 15 plants m-1. The experimental delineation used was randomized blocks with four repetitions per treatment. The grain productivity of the culture had a reduction of 63, 50, 42 and 57% when the coexistence with the weed plants was during the entire cycle of the culture for a row spacing of 0.45 m and a seeding density of 10 and 15 plants per meter; and a row spacing of 0.60m and a seeding density of 10 and 15 plants per meter, respectively. The PPI occurred in 23, 27, 13, and 19 days after crop emergence and WEEPPEL in 10, 9, 8, and 8 days, respectively.Objetivou-se com este trabalho determinar o período de convivência anterior à interferência das plantas daninhas (PAI e o período anterior ao dano no rendimento econômico (PADRE na cultura do feijão, em diferentes espaçamentos (0,45 e 0,60 m e densidade de plantas (10 e 15 plantas m-1. Os tratamentos foram constituídos de períodos de convivência entre a cultura e as plantas daninhas (0 a 10, 0 a 20, 0 a 30, 0 a 40, 0 a 50, 0 a 60, 0 a 70 e 0 a 80 dias, mais uma testemunha sem convívio com as plantas daninhas. Adotou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Os períodos anteriores à interferência (PAI da cultura foram de 23, 27, 13 e 19 dias após emergência, e os períodos anteriores ao dano no rendimento econômico (PADRE, de 10, 9, 8 e 8 dias, para os tratamentos com espaçamento de 0,45 m e densidades de semeadura de 10 e 15 plantas m-1 e

  2. Powdery mildew of ornamental species caused by Oidiopsis haplophylli in Brazil Oídio em plantas ornamentais, causado por Oidiopsis haplophylli, no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ailton Reis

    2007-12-01

    : Gentianaceae e flor-borboleta (Asclepias physocarpa: Asclepiadaceae em Brasília-DF, Brasil. Esta doença foi observada em condições de casa de vegetação em beijo-de-frade, copo-de-leite, lisianthus e flor-borboleta e em condições de campo na capuchinha. O sintoma típico é o aparecimento de uma área clorótica na superfície superior da lâmina foliar que corresponde a uma colônia fúngica na superfície inferior. Com o progresso da doença, estas lesões tornavam-se necróticas e eventualmente coalesciam. As características morfológicas, observadas em microscopia de luz, corresponderam àquelas descritas para a fase imperfeita do fungo Leveillula taurica (O. haplophylli. Os testes de patogenicidade foram completados via inoculação por contato entre folhas sadias e folhas apresentado colônias do fungo. Um isolado de pimentão foi também patogênico a estas cinco espécies ornamentais (pertencentes a diferentes famílias botânicas confirmando a ausência de especialização por hospedeiro deste fungo. Este é o primeiro registro deste patógeno nestas espécies ornamentais no Brasil e, provavelmente, o primeiro relato de flor-borboleta como hospedeira. Este oídio pode se tornar importante para o cultivo destas espécies em cultivo protegido ou condições de clima quente e seco.

  3. CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS E SELETIVIDADE DE HERBICIDAS EM ALHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danton Camacho Garcia

    1994-12-01

    Full Text Available Foi conduzido um experimento de campo no município de Rio Grande, RS, na safra agrícola 1987/88, com objetivo de avaliar a eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura do alho, cultivar Quitéria. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso, com quatro repetições e os tratamentos constituídos pela aplicação de herbicidas em pré e pós-emergência, das plantas daninhas. Destas, as espécies predominantes na área experimental foram: Digitaria sanguinalis (L. Scop., Eleusine indica (L Gaertne Spergula arvensis L. Os resultados observados indicaram que os tratamentos mais eficientes no controle das plantas daninhas foram: Linuron (PRÉ + Fluazifop-P-butil (PÓS, Linuron (PRÉ + Sethoxydim (PÓS e Oxifluorfen (PRÉ + Alloxydim-sodium (PÓS, que proporcionaram os maiores rendimentos de bulbos curados e toaletados. Houve efeito fitotóxico significativo de Bentazon, aplicado em pós-emergência, reduzindo significativamente o rendimento de bulbos.

  4. Cobertura plástica e densidade de plantio na qualidade das frutas de Physalis peruviana L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Abreu Moura

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Physalis peruviana L. é uma espécie pertencente à família Solanaceae, que vem sendo incorporada em plantios de pequenas frutas, com alto potencial produtivo para regiões subtropicais. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a qualidade das frutas de P. peruviana L., produzidas com ou sem cobertura plástica sobre o dossel das plantas e em duas densidades de plantio (0,5 e 1,0 m entre plantas, sendo de 3,0 m o espaçamento entre linhas. O delineamento experimental adotado foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 2, com seis blocos e dez plantas por parcela. Foram avaliadas as características qualitativas das frutas, como coloração, quantidade de antocianinas totais, vitamina C, cinzas, sólidos solúveis totais, sacarose, glicose, açúcares totais, acidez titulável, firmeza e umidade. A maior densidade de plantio e o plantio sem cobertura plástica sobre o dossel das plantas resultaram em melhor qualidade das frutas de P. peruviana L.

  5. Biologia e manejo de plantas daninhas em áreas de plantio direto Weed biology and management in no-tillage areas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.G. Gomes JR.

    2008-01-01

    Full Text Available Procurou-se relacionar alguns aspectos importantes da biologia e do manejo das plantas daninhas infestantes em áreas cultivadas sob sistema de plantio direto, com o objetivo de mostrar que a viabilidade deste plantio depende do controle eficiente das plantas daninhas. Nesse sistema de cultivo ocorrem algumas espécies de plantas daninhas comumente não observadas no sistema convencional, sendo essas constatações relacionadas ao não-revolvimento do solo, favorecendo o desenvolvimento de espécies de plantas daninhas perenes, e às alterações nas condições de temperatura e incidência de luz no interior do solo, influenciando os mecanismos de dormência das sementes de algumas espécies. A estratégia adequada para o controle das plantas daninhas em plantio direto exige conhecimento da dinâmica populacional do banco de sementes do solo e deve reunir métodos integrados de controle para reduzir o uso de herbicidas. A liberação de substâncias alelopáticas de algumas culturas de cobertura e o efeito supressor da camada de palha são medidas importantes para integrar ao controle químico das plantas daninhas. Entretanto, deve-se atentar para os efeitos negativos sobre algumas espécies de plantas cultivadas. As pesquisas na área de biologia das plantas daninhas e alelopatia das culturas de cobertura, associadas com a tecnologia de aplicação de herbicidas e a agricultura de precisão, poderão contribuir para a otimização do controle das plantas daninhas em áreas de plantio direto.Some important aspects of weed biology and control under no tillage are described to show that the viability of this system depends on weed control efficiently performed. Some of the weeds infesting this cropping system are present in much greater density under the conventional system, this being probably due to the little soil disturbance under no tillage systems, where the occurrence of perennial weeds is more feasible, and changes in the temperature and

  6. Estudo etnobotânico de plantas medicinais na comunidade de Santa Rita, Ituiutaba – MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Aparecida Povh

    2013-07-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n3p231 O objetivo deste artigo foi inventariar as plantas utilizadas na medicina popular pelos membros da comunidade rural de Santa Rita, no município de Ituiutaba - MG. A avaliação foi realizada por meio de entrevistas, com um questionário semiestruturado, e posterior coleta das plantas indicadas pelos informantes. Foram realizadas 47 entrevistas e 127 espécies foram listadas, pertencentes a 55 famílias de Angiospermas. Para obtenção dos dados quantitativos foi calculada a porcentagem de Concordância de Usos Principais (CUP de cada espécie; para identificar as indicações terapêuticas de maior importância, utilizou-se o Fator de Consenso dos Informantes (FCI. A CUP demonstrou que 5,5% das plantas citadas são amplamente utilizadas pela comunidade. As famílias botânicas predominantes foram Lamiaceae e Asteraceae, com 14 e 13 registros, respectivamente. A indicação de uso predominante envolveu, principalmente, afecções relacionadas a distúrbio emocional, conforme indicado pelo FCI. Salienta-se que 60,7% das plantas citadas neste artigo são espécies exóticas; desse modo, se faz necessário mais estudos para catalogar o conhecimento sobre as plantas medicinais nativas dessa região.

  7. Estado nutricional, vigor e produção em videiras cultivadas com plantas de cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jovani Zalamena

    2013-12-01

    Full Text Available Espécies perenes ou anuais de plantas de cobertura podem ser cultivadas em vinhedos para proteger a superfície do solo e também controlar a disponibilidade de água e nutrientes à videira. O trabalho objetivou avaliar o estado nutricional, o vigor e a produção de uva em videiras consorciadas com espécies anuais e perenes de plantas de cobertura submetidas a dois manejos. O experimento foi conduzido nas safras de 2009/2010 e 2010/2011, em vinhedo da cultivar Cabernet Sauvignon, em São Joaquim (SC, sobre um Cambissolo Húmico Distrófico. Os tratamentos foram: testemunha, caracterizado pela presença de plantas espontâneas controladas por dessecação na linha e por roçadas nas entrelinhas; a espécie perene de planta de cobertura, festuca (Festuca arundinacea; duas sucessões de espécies anuais, azevém-moha (Lolium multiflorum-Setaria italica e aveia-branca trigo-mourisco (Avena sativa-Fagopyrum esculentum; e dois tipos de manejo das plantas, com e sem transferência do resíduo produzido na linha para a entrelinha das videiras. Foram coletadas folhas completas no pleno florescimento e na mudança da cor das bagas para análise dos teores totais de N, P, K, Ca e Mg. Determinaram-se o comprimento dos ramos e de seus entrenós, a massa dos ramos podados e calculou-se o índice de Ravaz. Na colheita, foram determinados o comprimento, largura e massa de cachos, a produção de uva por planta e a massa de 100 bagas. As videiras consorciadas com espécies de plantas de cobertura anuais apresentaram maior teor de N total nas folhas na floração, maior vigor e produção de uva. O manejo das plantas de cobertura, mediante transferência dos resíduos culturais da linha de videiras para a entrelinha, não afetou o vigor da videira nem a produção de uva, mas diminuiu o teor total de N nas folhas, na fase da floração. O cultivo da festuca como cobertura do solo do vinhedo pode ser uma alternativa eficaz para se diminuir o vigor da videira.

  8. Cobertura morta e adubação orgânica na produção de alface e supressão de plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izabel Cristina Pereira Vaz Ferreira

    2013-08-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar os efeitos da cobertura do solo e da adubação orgânica sobre a temperatura e a umidade do solo, a incidência de plantas daninhas e a produtividade da alface. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados, em esquema fatorial (3 x 3, em que o primeiro fator corresponde aos tipos de cobertura morta (capim tifton, capim napier e ausência de cobertura e, o segundo, aos adubos (esterco bovino, esterco de galinhas e ausência de adubação. Analisaram-se as variáveis temperatura e umidade do solo, o número de folhas produzidas pela alface, as massas de matéria fresca e seca da parte aérea, das plantas de alface e daninhas, e o levantamento fitossociológico das plantas infestantes. As plantas adubadas com esterco de galinhas apresentaram massas de matéria fresca e seca superiores às das plantas não adubadas. A cobertura morta com capim tifton proporcionou aumento da massa de matéria seca das plantas de alface, o que pode estar relacionado com a menor temperatura dos canteiros que receberam esse material como cobertura. Commelina benghalensis foi a planta infestante mais importante no cultivo orgânico de alface. A aplicação de adubos orgânicos e a cobertura morta com capins não foram capazes de suprimir plantas daninhas e manter a umidade do solo, em áreas de cultivo de alface.

  9. ESTUDO FITOQUÍMICO E ANTIMICROBIANO DAS FOLHAS DE EUGENIA ASTRINGENS CAMBESS. (MYRTACEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Carminate

    2017-02-01

    Full Text Available O conhecimento sobre plantas medicinais simboliza muitas vezes o único recurso terapêutico de muitas comunidades e grupos étnicos. A tradição popular é a origem de valiosos conhecimentos acerca das plantas, muitas das observações populares sobre a utilização de plantas medicinais contribuem, de forma relevante, para a divulgação das virtudes terapêuticas vegetais. A E. astringens é uma espécie que apresenta casca e folhas aromáticas, adstringentes, anti-reumáticas e diuréticas. Apesar do uso medicinal já relatado, não existem muitos estudos quanto a atividade antimicrobiana. O objetivo do presente trabalho foi a realização da triagem fitoquímica e a avaliação da atividade antimicrobiana do extrato hidroalcoólico das folhas de Eugenia astringens Cambess. Foram encontrados taninos, fenóis, catequinas e ácidos orgânicos e o extrato apresentou atividade antibacteriana para todas as 8 cepas testadas.

  10. Plantio direto de alface americana sobre plantas de cobertura dessecadas ou roçadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréia Cristina Silva Hirata

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o plantio direto de alface americana no verão sobre plantas de cobertura dessecadas ou roçadas em cultivos sucessivos. O trabalho foi desenvolvido no município de Álvares Machado, São Paulo, Brasil. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, dispostos em parcelas subdivididas, com quatro repetições. O fator da parcela principal foram dois manejos das plantas de cobertura (dessecadas com herbicida ou roçadas e as subparcelas, seis espécies de plantas de cobertura (Cajanus cajan cv. IAPAR 43, Crotalaria spectabilis, Crotalaria juncea, Mucuna pruriens, Pennisetum glaucum e vegetação natural, além da testemunha sem plantas de cobertura. O manejo roçado apresentou desempenho inferior no primeiro cultivo da alface, todavia não diferiu do manejo químico no segundo cultivo. A cobertura do solo com mucuna apresentou maior produtividade da alface no primeiro cultivo devido ao excesso de palha das demais coberturas, o qual prejudicou o estabelecimento da alface. No segundo cultivo não houve diferenças entre as coberturas. A roçagem de plantas de cobertura é uma opção viável para plantio direto de alface sem herbicidas.

  11. Phytosociological surveys: tools for weed science? Levantamentos fitossociológicos: ferramentas para a ciência das plantas daninhas?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2013-06-01

    Full Text Available In simple terms, a phytosociological survey is a group of ecological evaluation methods whose aim is to provide a comprehensive overview of both the composition and distribution of plant species in a given plant community. To understand the applicability of phytosociological surveys for weed science, as well as their validity, their ecological basis should be understood and the most suitable ones need to be chosen, because cultivated fields present a relatively distinct group of selecting factors when compared to natural plant communities. For weed science, the following sequence of steps is proposed as the most suitable: (1 overall infestation; (2 phytosociological tables/graphs; (3 intra-characterization by diversity; (4 inter-characterization and grouping by cluster analysis. A summary of methods is established in order to assist Weed Science researchers through their steps into the realm of phytosociology.Levantamento fitossociológico, em termos simples, é um grupo de métodos de avaliação ecológica com o objetivo de fornecer uma visão compreensiva tanto da composição como da distribuição de espécies vegetais em uma certa comunidade. Para compreender a aplicabilidade desses levantamentos para a ciência das plantas daninhas, bem como sua validade, devem-se escolher os métodos mais adequados e com base ecológica, uma vez que áreas cultivadas apresentam um grupo relativamente distinto de fatores de seleção, em comparação com os ambientes naturais. Para estudos fitossociológicos de plantas daninhas, a seguinte sequência de passos é proposta como a mais adequada: (1 infestação geral; (2 tabelas ou gráficos fitossociológicos; (3 intracaracterização por diversidade; e (4 intercaracterização e agrupamento por similaridade. Um apanhado dos métodos é apresentado, visando apoiar pesquisadores e estudantes da área de Plantas Daninhas em seus passos no reino da fitossociologia.

  12. Levantamento de plantas medicinais nativas da Fazenda Azulão em Dourados-MS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Bratti

    2013-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve por objetivo identificar as espécies medicinais nativas em um fragmento de mata situada na Fazenda Azulão, em Dourados/MS, baseando-se no conhecimento popular de mateiros da região, com intuito de gerar subsídios para perpetuar a preservação, a diversidade e variabilidade das espécies, bem como, incentivar populações locais a valorizar e preservar esses recursos naturais, retardando o impacto sobre a biodiversidade. Partes das plantas indicadas como medicinais foram coletadas, as quais foram identificadas mediante literaturas especializadas e por comparações com plantas depositadas no Herbário da Cidade Universitária de Dourados. Foram identificadas 61 espécies distribuídas em 35 famílias e 53 gêneros. As famílias Asteraceae (9, Fabaceae (5 e Piperaceae (4 foram as que apresentaram o maior número de espécies. Dentre as formas de vida encontradas na vegetação nativa do local, as espécies medicinais de hábito arbustivo (39,34% foram as que apresentaram os maiores valores, seguido pelas herbáceas (27,86%, arbóreas (24,6%, e lianas (8,2%. As partes das plantas mais utilizadas são as folhas, seguidas da raiz e casca. Com base nos resultados obtidos nesse estudo, as indicações da utilização das plantas medicinais podem fornecer subsídios para estudos bioquímicos e farmacológicos, diminuindo os custos e o tempo na extração de princípios ativos, bem como, permitir o fortalecimento do conhecimento cultural da comunidade local, incentivando a preservação ambiental de diversas espécies medicinais utilizadas na região. Novos estudos devem ser conduzidos no Estado do Mato Grosso do Sul, a fim de se garantir o registro de dados mais precisos sobre as espécies medicinais ocorrentes.

  13. Levantamento etnobotânico de plantas medicinais nos quintais do Bairro Novo Horizonte, Ituiutaba, MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.S.N Liporacci

    2013-01-01

    Full Text Available Apesar da maioria dos estudos etnobotânicos serem focados em populações tradicionais, as populações de áreas urbanas também vêm sendo investigadas. O presente trabalho realizou um levantamento etnobotânico de plantas medicinais nos quintais de um bairro urbano, próximo à zona rural, no município de Ituiutaba, MG, visando resgatar e identificar o conhecimento local a respeito das plantas medicinais. Para isso, 40 residências foram visitadas e os dados coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas realizadas com os moradores. Foram encontradas 72 espécies de plantas medicinais, distribuídas em 33 famílias botânicas, destacando-se Asteraceae e Lamiaceae pelo número de espécies. As cinco espécies mais citadas pelos moradores foram: Mentha sp., Cymbopogon citratus, Sedum dendroideum, Plectranthus barbatus, e Rosmarinus officinalis. O hábito herbáceo foi predominante, e a parte da planta mais usada foi a folha, enquanto a decocção foi o modo de preparo mais frequente. Por mais que existam particularidades entre os diversos costumes e culturas das comunidades locais no Brasil, foi observada similaridade entre os resultados encontrados neste trabalho com outros levantamentos realizados, reforçando a importância da preservação e divulgação do conhecimento popular.

  14. Patogênese, sinais clínicos e patologia das doenças causadas por plantas hepatotóxicas em ruminantes e eqüinos no Brasil Pathogenesis, clinical signs and pathology of diseases caused by hepatotoxic plants in ruminants and horses in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cesar A. Santos

    2008-01-01

    Full Text Available Plantas que causam lesões hepáticas em ruminantes e eqüinos constituem um grupo importante de plantas tóxicas no Brasil. Em geral essas plantas podem ser divididas em três grandes grupos: plantas que causam necrose hepática aguda; plantas que causam fibrose hepática; e plantas que causam fotossensibilização. Em algumas dessas plantas os princípios tóxicos já foram identificados. Das plantas que causam necrose hepática aguda, os carboxiatractilosídeos estão presentes em Cestrum parqui e Xanthium cavanillesi. Os alcalóides pirrolizidínicos estão presentes nas plantas que causam fibrose hepática (Senecio spp., Echium plantagineum, Heliotropum spp. e Crotalaria spp.. Das plantas que causam fotossensibilização hepatógena são conhecidos os furanossesquiterpenos em Myoporum spp., triterpenos em Lantana spp., e saponinas esteroidais em Brachiaria spp. e Panicum spp. O quadro clínicopatológico dessas intoxicações e o mecanismo geral da insuficiência hepática, incluindo meios de diagnóstico, são descritos neste artigo de revisão.Plants causing hepatic lesions in ruminants and horses constitute one important group of poisonous plants in Brazil. These plants can be placed in three major groups: plants causing acute liver necrosis; plants causing liver fibrosis; and plants causing hepatogenous photosensitization. For some of these plants the toxic principles are known. Cestrum parqui and Xanthium cavanillesi that cause acute liver necrosis contain carboxy-atractylosides. Senecio spp., Crotalaria spp., and Echium plantagineum that cause liver fibrosis contain pyrrolizidine alkaloids. As for the group of plants causing hepatogenous photosensibilization, Myoporum spp. contain furanosesquiterpenes, Lantana spp contain triterpenes, and Brachiaria spp. and Panicum spp. contain steroidal saponins. The clinical and pathologic features of the toxicosis caused by these phytotoxins, general mechanisms of production for the production of

  15. Atividade de fosfatases em gramíneas forrageiras em resposta à disponibilidade de fósforo no solo e à altura de corte das plantas Phosphatase activity in forage grasses as influenced by soil phosphorus availability and plant cutting height

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flancer Novais Nunes

    2008-10-01

    Full Text Available A eficiência de utilização de um nutriente, expressa pela relação entre a biomassa produzida e a quantidade absorvida, é uma importante característica adaptativa das plantas, particularmente daquelas cultivadas em solos com baixa disponibilidade desse nutriente. Maior eficiência de utilização de P (EUP é conferida pela maior taxa de remobilização de P, que consiste na translocação desse nutriente para regiões de maior demanda metabólica na planta. Maiores taxas de remobilização têm sido associadas a maiores atividades das enzimas: fosfatase ácida (APase e ribonuclease (RNase. Neste trabalho, avaliou-se a atividade dessas enzimas em plantas de Brachiaria decumbens, pouco exigente, e de Panicum maximum cv. Tanzânia, mais exigente em P, cultivadas em solos que receberam diferentes doses desse nutriente e submetidas a diferentes alturas de corte. O ensaio foi realizado em casa de vegetação, utilizando amostra do horizonte B de um Latossolo Vermelho-Amarelo argiloso. Os tratamentos resultaram da combinação fatorial das duas gramíneas, das doses de 100, 200 e 500 mg dm-3 de P e das três alturas de corte: sem corte e corte a 15 e 30 cm a partir da superfície do solo para Brachiaria; e sem corte e corte a 20 e 40 cm para Panicum. As unidades experimentais consistiram de vasos com 10 dm³ de solo, com 10 plantas. Os resultados indicaram que não houve diferença significativa na produção de biomassa das duas gramíneas, mas a adição de P propiciou maior produção e maior teor desse nutriente na parte aérea de ambas. As plantas submetidas a cortes mais severos apresentaram menor produção e maiores teores de P na parte aérea. Ocorreu efeito negativo das doses de P na atividade da APase e da RNase nas duas forrageiras. As plantas cultivadas com a menor dose de P apresentaram maior atividade dessas enzimas e maior EUP. A atividade de ambas as fosfatases decresceu com a idade das plantas. No tratamento com o corte mais

  16. Enteógenos e Inteligência Existencial: Plantas Mestres como Instrumentos Cognitivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kenneth Tupper

    2012-09-01

    Full Text Available DOI: 10.12957/periferia.2011.3946 A partir de recentes mudanças nas legislações em relação às drogasem diferentes países, investiguei o potencial dos enteógenos (i.e.,plantas psicoativas usadas como sacramentos espirituais comoinstrumentos para favorecer a inteligência existencial. PlantasMestres das Américas como a ayahuasca, os cogumelos depsilocibina, o peiote e o soma indo-ariano da Eurásia, são alguns dosexemplos de enteógenos que foram e continuam a ser utilizados, nopassado e no presente. Todas estas plantas foram reverenciadas porpessoas e culturas diferentes como instrumentos cognitivos quepromovem um mais rico entendimento cosmológico do mundo. Utilizoa teoria das múltiplas inteligências revisada por Gardner (1999 e suaformulação de uma inteligência “existencial” como uma lente teóricaatravés da qual se deve considerar as possibilidades cognitivas dosenteógenos e explorar potenciais caminhos na Educação.

  17. Plantas transgênicas: o futuro da agricultura sustentável

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cordeiro Antônio Rodrigues

    2000-01-01

    Full Text Available Aumentam as evidências sobre as vantagens das plantas transgênicas até agora liberadas. Novos produtos apresentam ainda mais vantagens de produtividade, redução de impacto ambiental e riqueza em vitaminas etc. O grande segredo do método de transgênese é viabilizar uma seleção rigorosa em todas as fases do laboratório e dos testes de campo. Não é possível atingir risco zero, mas já podemos confiar mais nas plantas transgênicas do que nas "orgânicas".

  18. Estabelecimento de plântulas e desempenho de plantas em resposta ao vigor dos aquênios de girassol Seedlings establishment and plants performance as affected by sunflower achenes vigour

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Madelon Rodrigues Sá Braz

    2009-10-01

    Full Text Available O vigor das sementes pode influenciar o estabelecimento e o desempenho das plantas, mas o efeito na produção dessas plantas, principalmente, de cultivo anual, cuja colheita é feita na fase reprodutiva, não está completamente esclarecido. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência da qualidade fisiológica de aquênios de girassol no estabelecimento das plântulas e no desempenho das plantas. Para tanto, foi instalado um experimento em campo, com três lotes de aquênios de girassol da cultivar 'Embrapa 122 V2000', com distintos níveis de vigor. A população de plantas foi avaliada aos 10, 20, 40, 60, 80 e 100 dias após a semeadura (DAS. Aos 20, 40, 60, 80 e 100DAS, em intervalo de 20 dias, foram avaliados a altura da planta, o número de folhas, o diâmetro de caule e a massa de matéria seca de parte aérea e total. Também aos 100DAS foram avaliados o número de aquênios por planta, a massa de 1000 aquênios, a produção de aquênios (g planta-1 e o rendimento (kg ha-1. Após dois e seis meses da colheita, os aquênios foram submetidos aos testes de germinação, de primeira contagem, de envelhecimento acelerado, de emergência de plântulas em areia, de comprimento de plântula e de condutividade elétrica. Os resultados permitiram concluir que houve efeito favorável do vigor dos aquênios na população de plantas até os 60DAS. A utilização de aquênios vigorosos de girassol favoreceu o desenvolvimento das plantas após 60DAS, e esse efeito persistiu até a produção, na ausência de diferença na população inicial.Seed vigour may influence the establishment and growth of plants. However, the effect on plants production mostly annual crop, which harvesting is done in the reproductive phase, is not clear. The aim of this research was to evaluate the influence of sunflower achenes physiological quality on the seedlings establishment and plant performance. An experiment was installed in the field, with three lots of

  19. BIOMASSA VERDE DE PLANTAS COMO ADUBO DE COBERTURA EM CULTIVO ORGÂNICO DE REPOLHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Fernando Favarato

    2017-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial da biomassa de leucena e mamona como adubação de cobertura, sobre o desenvolvimento do repolho e os atributos do solo em sistema orgânico de produção. Foram implantados dois experimentos no ano de 2011, com leucena e mamona, avaliando-se cinco espessuras de biomassa (0, 1, 2, 3 e 4 cm como cobertura no entorno das plantas de repolho, aplicadas aos 15 dias após o plantio. Os resultados comprovaram efeitos significativos destas formas de adubação sobre o desenvolvimento inicial das plantas de repolho e sobre os atributos do solo, comprovando eficiência no fornecimento de nitrogênio para esta cultura. Não foram verificados ajustes significativos para os modelos de regressão sobre os atributos do solo para as diferentes espessuras de aplicação das biomassas, à exceção do teor de potássio, que foi favorecido com o aumento das quantidades aplicadas.

  20. Análise microscópica da resistência do arroz à queima das bainhas mediada pelo silício

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Schurt

    2015-03-01

    Full Text Available A queima das bainhas, causada pelo fungo Rhizoctonia solani Kühn, é uma das mais importantes e destrutivas doenças que afetam a produção de arroz no mundo. Embora o silício (Si seja capaz de reduzir a intensidade da queima das bainhas, os mecanismos de resistência mediados por esse elemento permanecem desconhecidos. Assim, este trabalho teve como objetivo investigar a nível microscópico o efeito do Si na resistência do arroz à infecção por R. solani. Plantas de arroz das cultivares BR-Irga-409 e Labelle foram cultivadas em solução nutritiva contendo 0 ou 2 mM de Si e inoculadas no estádio de máximo perfilhamento utilizando-se pedaços de palito de dente colonizados por R. solani. Ambos cultivares supridas com Si apresentaram intensa e homogênea deposição de Si nos tecidos das bainhas colonizados por R. solani. A maior concentração de Si nas bainhas de plantas de arroz de ambas cultivares contribuiu para reduzir os sintomas da queima das bainhas. Com o auxílio da microscopia de luz e da microscopia eletrônica de varredura, observou-se menor crescimento micelial do fungo sobre as bainhas foliares das plantas de ambas cultivares que foram supridas com Si. Secções das bainhas de plantas de ambos cultivares supridas com Si exibiram intensa autofluorescência nos tecidos próximos a regiões necrosadas devido a colonização por R. solani. Em conclusão, o suprimento de Si às plantas de arroz desempenhou um papel importante na redução dos sintomas da queima das bainhas.

  1. Bromeliad ornamental species: conservation issues and challenges related to commercialization=Espécies ornamentais de bromélias: conservação e desafios relacionados a sua comercialização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darcy Mitchell

    2012-01-01

    Full Text Available Bromeliads grow almost exclusively in the New World tropics and subtropics, mainly in South America in the Brazilian Atlantic Forest (ca. 1200 species. Within the last few decades, their beautiful shapes and colors, low maintenance and easy adaptability to small gardens have brought bromeliads into worldwide use as ornamental plants. While the ornamental bromeliad trade could make significant contributions to household economies in rural areas, the trade may represent a significant threat in some of the bromeliad biodiversity hotspot countries such as Brazil, Bolivia and Colombia. This paper presents an overview of production volumes, analysis of the Brazilian bromeliads trade chain – at the state, national and international levels – and recommendations to address development and conservation challenges.Bromélias crescem quase que exclusivamente nas regiões tropicais e subtropicais do Novo Mundo, ocorrendo principalmente na Floresta Atlântica brasileira na América do Sul. (ca. 1200 espécies. Nas últimas décadas, pelas suas belas formas e cores, baixa demanda de manutenção e fácil adaptabilidade a pequenos jardins, as bromélias tem sido mundialmente utilizadas como plantas ornamentais. O comércio de bromélias ornamentais pode promover significante acréscimo de renda em áreas rurais, mas por outro lado pode também significar uma ameaça à manutenção da diversidade destes recursos biológicos, especialmente em países como Brasil, Bolívia e Colômbia. Este trabalho apresenta uma caracterização geral dos volumes de produção e da cadeia brasileira de comercialização de bromélias - em nível estadual, nacional e internacional assim como recomendações para promover o desenvolvimento deste setor e superar desafios relacionados ao uso sustentável deste recurso.

  2. Efeito da aplicação de baixa temperatura em plantas de macieira sobre o crescimento durante a aclimatização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pereira Jonny Everson Scherwinski

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de baixa temperatura (4±1ºC sobre o crescimento das brotações micropropagadas de um porta-enxerto de macieira (Malus prunifolia Borkh., cv.Marubakaido, durante o processo de aclimatização. Durante as duas primeiras semanas de aclimatização, as plântulas foram transferidas para uma câmara de crescimento, e submetidas à temperatura de 4±1ºC por 0, 240, 480, 720, 960, 1.200 e 1.440 horas, sob fotoperíodo de 16 horas e radiação de 5µEm-2s-1. Em seguida, foram conduzidas para casa de vegetação e avaliadas por um período de 90 dias. Ao final do experimento, avaliou-se, ainda, o comprimento dos entrenós, o número de gemas e o peso da matéria seca da parte aérea e das raízes das plantas. A porcentagem de sobrevivência também foi avaliada após um mês de permanência das plantas em casa de vegetação. Houve aumento na altura das plantas e no comprimento dos entrenós, proporcional ao tempo de sua permanência sob baixa temperatura. O frio provocou decréscimo no peso seco das raízes, porém não afetou a sobrevivência das plantas, o número de gemas e o peso da matéria seca da parte aérea.

  3. Interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo Weed interference in okra crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2010-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do quiabo (Abelmoschus esculentus na região do Médio Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. O experimento foi conduzido em campo, entre maio e outubro de 2007. Utilizaram-se sementes do quiabo Santa Cruz-47, semeadas no espaçamento de 0,25 x 1 m. Foram estabelecidos diferentes períodos de controle das plantas daninhas na cultura, variando entre zero e 120 dias após a emergência (DAE. Foram avaliados 12 tratamentos, correspondendo a diferentes períodos de controle das plantas daninhas na cultura: capina após a emergência a partir dos 20, 40, 60, 80 e 100 dias; capina após a emergência até os 20, 40, 60, 80 e 100 dias; além de duas testemunhas com capina, ou não capinadas, ambas por 120 dias. Determinou-se o número de frutos por planta e o rendimento (produtividade, bem como os valores em dias para período anterior à interferência (PAI, período crítico de prevenção da interferência (PCPI e período total de prevenção da interferência (PTPI, considerando 5% de perdas. A partir das espécies encontradas na área experimental, avaliou-se também, em vasos, isoladamente ou em competição com o quiabeiro, a capacidade competitiva das principais plantas daninhas. Com base nos resultados, verificou-se que o PAI estimado foi de 25 DAE, indicando a época de início das capinas. Para o PCPI, o período observado foi de 75 dias, indicando PTPI de 100 DAE. Entre as plantas daninhas presentes, Eleusine indica apresentou maior capacidade competitiva sobre a cultura.An experiment was carried out under field conditions in Médio Vale do Rio Doce-MG, from May to October, 2007, to establish periods of weed interference in Abelmoschus esculentus crop. 'Santa Cruz-47' seeds were sown in a 0.25 x 1.0 m spacing, and weed control times varied from 0 to 120 days after emergence (DAE. Number of fruit per plant and yield as well as values in days

  4. Plantas medicinais conhecidas por especialistas locais de uma comunidade rural maranhense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.S VIEIRA

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO Este trabalho objetivou realizar o inventário das plantas medicinais de uma comunidade rural maranhense, analisando o valor de uso e a importância relativa das espécies, assim como o consenso dos informantes quanto às doenças tratadas. Foram realizadas 50 entrevistas semiestruturadas utilizando-se o método de amostragem “bola-de-neve” e usou-se a técnica “turnê-guiada” para coletar as espécies citadas. Os especialistas locais citaram 63 espécies pertencentes a 44 famílias, das quais Fabaceae, Apocynaceae, Lamiaceae e Myrtaceae apresentaram o maior número de espécies. A planta que obteve maior valor de uso foi Morinda citrifolia L.. Himatanthus drasticus (Müll.Arg. Woodson foi a espécie que apresentou maior importância relativa. Dentre os sistemas corporais tratados com os recursos vegetais, os que obtiveram maior consenso entre os informantes foram os relacionados às doenças do estômago, esôfago e duodeno e infecções virais caracterizadas por lesões na pele (ambas com FCI = 0,83. Em virtude da riqueza de conhecimento sobre plantas medicinais em um Estado do Brasil onde o sistema de saúde é bastante precário e onde os estudos de cunho etnobotânico ainda são escassos, sugere-se que novos estudos etnobotânicos sejam realizados afim de evidenciar a dinâmica de conhecimento local e suas implicações ecológicas e sociais.

  5. Caracterização ambiental de lamas de beneficiamento de rochas ornamentais Environmental characterization of processing sludge of ornamental stones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Florindo dos Santos Braga

    2010-09-01

    Full Text Available As lamas de beneficiamento de rochas ornamentais (LBRO são resíduos que apresentam composição química variada em função da composição das rochas, do processo de beneficiamento, dos processos de reaproveitamento de águas e lamas, das propriedades dos insumos, entre outros fatores. A caracterização e classificação das LBRO são de grande importância, principalmente para o Estado do Espírito Santo, por possuir um expressivo número de empresas do setor. Neste trabalho, são apresentados os resultados de caracterização e classificação de lamas de desdobramento e polimento de mármores e granitos, segundo a NBR 10004/2004. Todas as amostras de lamas de tear convencional e de politriz analisadas foram classificadas como Classe IIA. Percebeu-se que a identificação dos resíduos por fonte geradora permite a proposição de tecnologias limpas, como o uso de teares a fio diamantado que utilizam o mínimo de insumos e de pastilhas diamantadas metálicas isentas de elementos tóxicos, contribuindo para a melhoria das características químicas das LBRO.The sludges produced in the cutting and polishing of ornamental stones are residues with diverse chemical composition that depend on the composition of the stones, the cutting and polishing process, the processes involved in the recycling of water and sludges, among others. The characterization and classification of these resulting sludges have great importance, especially for the State of Espírito Santo, Brazil, which is an important producer of ornamental stones. In this work, the results of characterization and classification of developmental and polishing sludges were presented, according to the Brazilian standard NBR 10004/2004. All the sludge samples from the cutting and polishing equipment were classified as Class IIA. We observed that the identification of the residues according to the generation source allows the proposition of clean technologies usage, such as cutting

  6. Interferência de plantas daninhas na cultura do feijão-caupi Weed interference in cowpea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.C.L. Freitas

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho determinar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do feijão-caupi (Vigna unguiculata. A semeadura do feijão-caupi cultivar BR 16 foi realizada em julho de 2007, no sistema de plantio convencional. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com os tratamentos constituídos de períodos de controle ou convivência das plantas daninhas com a cultura. No primeiro grupo, a cultura permaneceu livre da interferência das plantas daninhas, por meio de capinas, nos períodos de: 0-09, 0-18, 0-27, 0-36, 0-45 e 0-60 (colheita. No segundo grupo, a cultura permaneceu sob a interferência desde a emergência até os mesmos períodos descritos anteriormente. O período crítico de prevenção à interferência (PCPI foi de 11 a 35 dias após a emergência da cultura. A interferência das plantas daninhas reduziu o estande final, o número de vagens por planta e o rendimento de grãos do feijão-caupi em até 90%.This work aimed to determine the periods of weed interference in cowpea (Vigna unguiculata, sown under the conventional system in July 2007. The experiment was arranged in randomized blocks, with the treatments consisting of periods of control or intercropping of the weeds with the crop. In the first group, the bean crop remained free of weed interference in the periods 0-09, 0-18, 0-27, 0-36, 0-45 and 0-60 (harvest. .In the second group, the bean crop remained under interference from the time of emergence up to the same periods previously described. The critical period of weed interference prevention (CPIP was from 11 to 35 days after crop emergence. Weed interference reduced the final stand, number of pods per plant, and grain yield up to 90%.

  7. Manutenção da planta Koeler para digitalização através de levantamento fotográfico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deivison Ferreira dos Santos

    2017-06-01

    Full Text Available A utilização de documentos cartográficos históricos em pesquisas diversas vem se mostrando cada vez mais imprescindível, e com o auxílio de novas tecnologias esses documentos estão cada vez mais disponíveis ao público. O documento investigado nessa pesquisa foi a Planta de Petrópolis (1846, que ficou conhecida como Planta Koeler, em homenagem ao seu executor. A planta contém diferentes elementos cartográficos, como hidrografia, vias, logradouros, prazos de terra, quarteirões e terrenos reservados aos edifícios públicos e religiosos. O presente trabalho tem como objetivo reproduzir digitalmente esta planta, onde a metodologia utilizada emprega técnicas de levantamento fotográfico, utilizando uma câmera digital de alta resolução e um sistema de trilho, no qual foram geradas 191 fotos. Com o intuito de fazer a mosaicagem das fotografias obtidas foram realizados uma série de testes utilizando múltiplos algoritmos de georreferenciamento afim de verificar qual deles teria um melhor ajuste das fotos e preservação das feições para geração da planta digital. O processo supracitado foi realizado em cinco pares de fotografias bem distribuídos pela área da planta, e para tanto foi utilizado o software ArcGis 10.1 com diferentes transformações: Zero Order Polynomial, 1st Order Polynomial (Affine, 2nd Order Polynomial, 3rd Order Polynomial, Adjust, Projective Transformation e Spline.

  8. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do arroz de terras altas. II - cultivar Caiapó Interference periods of weeds in the upland rice - Caiapó variety

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Rosangela Malheiros Silva

    2009-01-01

    Full Text Available Os experimentos foram desenvolvidos nos anos agrícolas 2003/2004 e 2004/2005, em área experimental da Universidade Estadual Paulista, Campus de Jaboticabal (SP, com o objetivo de se determinarem os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do arroz de terras altas, cultivar Caiapó. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com quatro repetições e 16 tratamentos. Os tratamentos foram constituídos por períodos crescentes de controle ou de convivência das plantas daninhas após a emergência da cultura: 0-10, 0-20, 0-30, 0-40, 0-50, 0-60, 0-70 dias e 0-colheita. Nos dois anos, as famílias predominantes eram Poaceae, Asteraceae, Amaranthaceae e Malvaceae e as principais plantas daninhas presentes foram: Cyperus rotundus L., Cenchrus echinatus L., Digitaria spp Heist., Echinochloa crus-galli (L. P. Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Eleusine indica Gaertn e Alternanthera tenella Colla. A cultivar de arroz de terras altas Caiapó deve ser mantida sem plantas daninhas nos 30 dias após a emergência.The experiments were carried out in two growing seasons (2003/04 and 2004/05 in an experimental area at São Paulo State University - UNESP, Jaboticabal Campus, to evaluate the weed interference periods on the upland Caiapó rice variety. The experimental design was randomized blocks with 4 replicates and 16 treatments. The treatments consisted of increasing periods of control or coexistence after emergence of the culture: 0-10; 0-20; 0-30; 0-40; 0-50; 0-60; 0-70 days; 0-harvest. The predominant families were Poaceae, Asteraceae, Amaranthaceae and Malvaceae, and the main weeds present were Cyperus rotundus L., Cenchrus echinatus L., Digitaria spp Heist., Echinochloa crus-galli (L. P. Beauv., Brachiaria decumbens Stapf., Eleusine indica Gaertn e Alternanthera tenella Colla for both years. The upland rice cultivar Caiapó is to be kept free of weeds for 30 days after emergence.

  9. Defesas químicas de plantas: fitoalexinas Chemical defense of plants: phytoalexins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Regina Braga

    1987-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas ao ataque de microorganismos causadores de doenças relaciona-se à presença de barreiras físicas e (juímicas de defesa. Dentre as barreiras químicas destacam-se as fitoalexinas, substâncias fungitoxicas sintetizadas de novo pelas plantas principalmente após a invasão ou o contato de seus tecidos com microorganismos, Essas substâncias englobam vários grupos compostos naturais tais como terpenos, isoflavonóides e poliacetilenos e seu acúmulo pode ser induzido por organismos vivos, seus produtos (elíciadores ou ainda agentes químicos, como sais de metais pesados, ou físicos (congelamento, luz U.U.. Alguns aspectos abordados nesta revisão são: a ocorrência de fitoalexinas em angiospermas, a relação entre sua natureza química e o grupo taxonômico das plantas que as produzem, a sua ação sobre organismos pró e eucarióticos. São descritas também os fatores que interferem nas respostas das plantas aos agentes indutores e as técnicas usuais para a indução e detecção de fitoalexinas. O papel dos eliciadores na indução da sâitese de fitoalexinas e o mecanismo pelo qual exercem sua função indutora são discutidos. Nesse contexto está incluída a teoria das oligossacarinas, fragmentos de parede celular que parecem controlar não só a resposta de defesa em plantas mas também outros fenômenos fisiológicos em plantas.Chemical defense of plants: phytoalexins - This review describes the concept of phytoalexins as a chemical defense of plants against microorganisms as well as a response of plants to chemical or physical agents. The current information on phytoalexins is presented, regarding the following aspects: occurrence in angiosperms; relation-snips between chemical composition and taxonomy; toxicity; factors affecting plant response; techniques for induction and detection of phytoalexins; role of elicitors and mechanisms of action. The latter includes the oligosaccharins-fragments of cell

  10. Crescimento de girassol como flor em vaso em função de doses de paclobutrazol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christina da Silva Wanderley

    2014-02-01

    Full Text Available O girassol (Helianthus annuus L., que é comumente cultivado para produção de sementes e óleo, também apresenta potencial de uso como planta ornamental. Entretanto, seu porte elevado dificulta essa utilização, principalmente como flor em vaso. Objetivou-se neste experimento avaliar os efeitos do regulador de crescimento paclobutrazol sobre o crescimento de plantas de girassol em vaso, cultivadas em sistema hidropônico, dentro de estufa, em vasos preenchidos com sílica moída. Os dois genótipos de girassol utilizados foram BRS Oásis, com capítulo marrom e altura média de 1,85 m, e Helio 358, com capítulo amarelo e altura média de 1,45 m. As doses de paclobutrazol avaliadas foram 0; 0,5; 1; 2; 4; e 6 mg L-1 , aplicadas diretamente no substrato de sílica moída. A solução nutritiva utilizada foi a de Hoagland, e as plantas foram mantidas sob aeração constante. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial com cinco repetições, totalizando 60 parcelas. Avaliaram-se a altura das plantas e a massa de matéria seca de raiz, caule, folhas e de capítulos. Houve efeito do paclobutrazol sobre o crescimento das plantas. O uso do paclobutrazol na dose de 2mgL-1 reduz a altura do girassol, porém não afeta a qualidade da inflorescência, o que pode viabilizar o seu uso na produção de flores de girassol como ornamentais. A sensibilidade ao paclobutrazol é maior para o genótipo Helio 358 em relação ao genótipo BRS Oásis.

  11. Photosynthetic activity of cassava plants under weed competition Atividade fotossintética de plantas de mandioca submetidas a competição com plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Aspiazú

    2010-01-01

    tratamentos consistiram no cultivo de plantas de mandioca isoladas e associadas a três espécies daninhas (Bidens pilosa, Commelina benghalensis e Brachiaria plantaginea. Após início da brotação das manivas, 15 dias após o plantio, fez-se o desbaste das plantas daninhas, semeadas no momento do plantio das manivas, deixando-se oito plantas de B. pilosa, quatro de C.benghalensis e quatro de B.plantaginea. Aos 60 dias após a brotação das manivas, avaliou-se a concentração de CO2 interna na folha (Ci, temperatura da folha no momento da avaliação (Tleaf e a taxa fotossintética (A, sendo calculado também o CO2 consumido (ΔC referentes às plantas de mandioca. Foi elaborada ainda matriz de correlação entre as variáveis. Todas as características avaliadas foram influenciadas pela espécie de planta daninha em competição com a cultura. A mandioca foi mais afetada por B. pilosa e B. plantaginea em relação ao acesso à radiação solar e água, enquanto C. benghalensis parece afetar mais a composição da luz incidente sobre a cultura, permitindo que a mandioca possa antecipar a imposição da competição, mesmo antes que atinja níveis prejudiciais.

  12. Coberturas mortas de inverno e controle químico sobre plantas daninhas na cultura do milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagoberto Martins

    2016-12-01

    Full Text Available RESUMO A escolha correta das culturas para cobertura do solo melhora a sustentabilidade do sistema de cultivo, pois pode potencializar o uso dos herbicidas, reduzir a infestação de plantas daninhas e melhorar o desempenho das culturas. Com o objetivo de estudar o efeito de coberturas mortas de inverno e do uso de herbicidas sobre comunidade de plantas daninhas na cultura do milho, foi realizado um estudo no delineamento inteiramente casualizado com os tratamentos dispostos em parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas, em número de seis, foram compostas pelas seguintes culturas de inverno: Lupinus albus, Lathyrus sativos, Triticum aestivum, Avena strigosa, Raphanus sativus, mais uma testemunha mantida em pousio. As subparcelas em número de três, foram compostas por: 1 - pulverização apenas de herbicida de manejo antes da semeadura do milho; 2 - herbicida de manejo após a semeadura do milho + herbicida residual, e 3 - testemunha sem aplicação de herbicidas. As coberturas mortas de aveia-preta e nabo-forrageiro proporcionam as menores densidades de plantas daninhas e acúmulos de massa seca da comunidade infestante, independente da aplicação ou não de herbicidas. Houve uma maior germinação de B. pilosa nas parcelas mantidas com a cobertura de tremoço, com exceção das subparcelas onde se aplicou herbicida em pré-emergência, o que evidencia um efeito estimulante da cobertura morta. O emprego de algumas espécies na formação da cobertura morta para o plantio direto pode dispensar ou reduzir a quantidade de herbicidas necessária para o controle das plantas daninhas.

  13. Interações planta/beija-flor em tres comunidades vegetais da parte sul do Parque Nacional Natural Chiribiquete, Amazonas (Colombia)

    OpenAIRE

    Liliana Rosero Lasprila

    2003-01-01

    Resumo: Na parte sul do Parque Nacional Natural Chiribiquete, foram estudadas as interações planta/beija-flor em três comunidades vegetais diferenciadas em estrutura e composição florística: bosque de terra firme, bosque baixo das formações rochosas do Tepuy e bosque de "colúvio", que é transicional entre as duas anteriores comunidades. Foi determinada a composição florística das plantas ornitófilas, os atributos florais, fenologia da floração e oferta do recurso floral ao longo do ano nas tr...

  14. Manejo de plantas daninhas na cultura da mandioca Weed management in cassava

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.V. Silva

    2012-12-01

    Full Text Available A mandioca (Manihot esculenta é cultivada em vários países, sendo de grande importância como fonte de energia para alimentação humana e animal e na geração de empregos e renda. No Brasil, apesar de essa cultura apresentar alto potencial produtivo - em alguns estudos alcançando valores superiores a 100 t ha-1 de raízes - , a produtividade nacional é baixa, atribuída em grande parte ao manejo inadequado das plantas daninhas. A interferência dessas plantas resulta em competição pelos recursos essenciais, como nutrientes, água e luz. Além disso, o controle realizado de maneira incorreta das plantas daninhas nos mandiocais dificulta outros tratos culturais e aumenta os custos de produção. Nesta revisão são abordados os aspectos relativos ao manejo das plantas daninhas na cultura, descrevendo, de forma detalhada, os principais componentes de interferência. Discute-se, em várias situações, o período crítico de competição. Por fim, são apresentados os principais métodos de controle visando à utilização do manejo integrado como forma sustentável do controle de plantas daninhas nessa cultura.Cassava (Manihot esculenta is grown in many countries, being of great importance as an energy source for food, generating jobs and income. Although this crop has been proved to have high yield potential in some studies, reaching values above 100 t ha-1 roots, its national productivity in Brazil is low, being largely attributed to inadequate weed management. The interference of weeds results in competition for essential resources, such as nutrients, water, and light. In addition, incorrectly performed control of weeds in cassava can complicate management and increase production costs. In this review, aspects related to weed management in the culture are described, detailing the main components of interference. The critical period of competition, in many situations, is also discussed. Finally, the main methods of control aimed at the

  15. Cultivares e portaenxertos sobre o vigor de plantas de pereira europeias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Dalazen Machado

    2013-09-01

    Full Text Available A cultura da pereira (Pyrus communis possui grande potencial de expansão no sul do Brasil devido às condições climáticas e solo. A carência de informações a respeito da(s melhor(es combinação(ões de cultivares copa de pereira europeia e portaenxertos, quanto ao aspecto vegetativo e potencial produtivo, tem limitado o cultivo. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência de cultivares copa de pereira europeia e portaenxertos de marmeleiro (Cydonia oblonga sobre o vigor e variáveis de plantas. Os experimentos foram conduzidos em pomares comerciais da cidade de Fraiburgo, Estado de Santa Catarina, durante os ciclos de cultivo 2008/09, 09/10 e 10/11. As cultivares avaliadas foram 'Packham's Triumph', 'Santa Maria', 'Rocha' e 'Abbè Fetel' e os portaenxertos de marmeleiro EMC e Adams. O espaçamento de plantio foi de 0,3m entre plantas e 4m entre linhas. As variáveis analisadas foram: a. incremento de altura de plantas (m; b. incremento de volume de copa (m³; c. incremento de diâmetro do tronco da cv. 'copa' (mm; d. incremento de diâmetro do tronco do portaenxerto (mm; e. diferença de diâmetro do tronco entre a cultivar copa e o portaenxerto (mm; f. índice de fertilidade (no de gemas cm-1; g. massa fresca média total acumulada do material vegetativo das três podas de inverno (kg; h. diferença cumulativa entre a massa fresca e a massa seca dos ramos podados (kg. As diferentes combinações de cultivares e portaenxertos interferiram nas diferentes variáveis analisadas. As combinações Abbè Fetel e Rocha sobre marmelo Adams, foram significativamente mais vigorosas em termos de incremento de diâmetro do tronco da cultivar copa, incremento de altura de plantas, incremento de volume de copa e massa fresca média total acumulada do material vegetativo das podas de inverno dos três anos. A combinação Santa Maria sobre marmelo Adams apresentou vigor intermediário significativo de plantas de acordo com o incremento em volume

  16. Controle das plantas daninhas na cultura de alface transplantada com o herbicida oxadiazom Weed control in transplanted lettuce by oxadiazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison Martins Paulo

    1990-01-01

    Full Text Available Efetuou-se um experimento com o herbicida oxadiazom, objetivando estudar o efeito do seu uso no controle das plantas daninhas e na, produção da cultura da alface transplantada. Os tratamentos, em número de sete, consistiram em três doses de oxadiazom formulado em grânulos, 1,0,1,5 e 2,0kg/ha, aplicadas após o transplante da alface, dois fratamentos de 1,0kg/ha do herbicida formulado em concentrado emulsionável, um pulverizado antes e, outro, após o transplante, em área total, e duas testemunhas, uma capinada e outra mantida com o mato até a colheita. As principais plantas daninhas que infestaram o experimento foram: beldroega (Portulacca oleracea L., picão-branco (Galinsoga parvifiora Cav., caruru (Amaranthus hibridus L., capim-colchão (Digitaria sanguinalis (L. Scop. e capim-pé-de-galinha (Eleusine indica (L. Gaertn.. Constatou-se o controle dessas espécies pelo oxadiazom, 51 dias após a aplicação, até que se mostrou seletivo à cultura, exceto na sua formulação concentrado emulsionável pulverizada após o transplante, quando reduziu o número e o peso das alfaces colhidas.A trial was carried out in order to study the performance of oxadiazon on yield of transplanted lettuce. The treatments were: oxadiazon granular formulation at rates of 1.0,1.5 and 2.0 kg/ha applied after transplanting and pre emergence of weeds; oxadiazom emulsifiable concentrate at 1.0 kg/ha applied before and after transplanting both as preemergence of weeds. Two controls were used: one without any control of weeds and another free from weeds 33 days after transplanting. Oxadiazon gave good control of Portulacca oleracea L, Galinsoga parviflora Cav., Amaranthus hibridus L, Digitaria sanguinalis (L. Scop, and Eleusine indica (L. Gaertn. up to 51 days after application. Except for oxadiazon emulsifiable formulation, when applied after transplanting, no phototoxicity to lettuce was observed with the herbicide whether applied at preemergence or before

  17. Teor de Taninos Condensados Presente na Casca de Jurema-Preta (Mimosa tenuiflora em Função das Fenofases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Kelly Barbosa de Azevêdo

    2017-07-01

    Full Text Available RESUMO A jurema-preta (Mimosa tenuiflora, espécie típica do semiárido brasileiro, possui potencial para a produção de taninos vegetais. Este estudo teve como objetivo avaliar o teor de taninos condensados na casca de jurema-preta em função das fenofases da planta. Assim, foram realizadas quatro coletas de acordo com o período agrícola, em agosto e dezembro de 2008 e em abril e agosto de 2009, na Fazenda Lameirão, Santa Terezinha, Paraíba, sendo coletadas 10 plantas por período, totalizando 40 plantas, das quais foram avaliadas a fenologia e nas quais foram realizadas as análises quanto ao teor de sólidos totais, índice de Stiasny e teor de taninos condensados na casca por período de coleta. Observou-se que a fenologia das plantas influenciou no teor de taninos condensados, pois quando as árvores tinham frutos e flores apresentaram menor teor de taninos. Já na presença de folhas verdes foi observado maior teor de taninos condensados nas plantas.

  18. Padrões de diversidade de insetos galhadores no Cerrado: a importância da comunidade de plantas

    OpenAIRE

    ARAÚJO, Walter Santos de

    2011-01-01

    A ideia de que plantas hospedeiras influenciam na riqueza de insetos galhadores é bastante difundida e tem diversas abordagens na literatura. Algumas dessas abordagens levam em conta a riqueza de hospedeiras, a densidade da vegetação, a composição de espécies vegetais e a arquitetura das plantas, como fatores que influenciam nos padrões de diversidade dos galhadores. Nesse trabalho investigamos a importância da estrutura, riqueza e composição da comunidade de plantas para a distribuição de...

  19. Impacto de inseticidas sobre parasitóides da traça-das-crucíferas em repolho, no Distrito Federal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Castelo Branco Marina

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo identificar os parasitóides da Plutella xylostella(L. presentes em áreas de cultivo do Distrito Federal, tratadas ou não com inseticidas, onde larvas do inseto foram coletadas. Foram identificados quatro parasitóides: Apantelessp. (Braconidae, Oomyzus sokolowiskii (Kurdjumov (Eulophidae, Diadegmasp. (Ichneumonidae e Actiasp. (Tachinidae. Onível de parasitismo nas áreas não tratadas com inseticidas variou de 5% a 94%, enquanto em áreas tratadas variou de 11% a 87%. A maior parte das larvas de traça-das-crucíferas foram encontradas nas cabeças de repolho ou na parte inferior das folhas da saia das plantas. Esta distribuição de larvas sobre as plantas deve permitir que estas escapem do contato com o inseticida, e, conseqüentemente, os parasitóides podem sobreviver nas plantas tratadas.

  20. Compactação causada pelo manejo de plantas invasoras em latossolo vermelho-amarelo cultivado com cafeeiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Sant'Anna Moreira Pais

    2011-12-01

    Full Text Available O manejo de plantas invasoras é considerado uma das principais atividades que promovem degradação da estrutura do solo em lavouras cafeeiras, devido à compactação do solo causada pelas operações de controle de plantas invasoras. O objetivo deste estudo foi determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo de plantas invasoras sem capina, bem como, utilizando esse modelo, qual manejo de plantas invasoras causa menor ou maior compactação do solo. Este estudo foi realizado em um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA cultivado com cafeeiros da cutivar Topázio MG 1190 desde 2006, localizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, na comunidade Farias, em Lavras-MG. Os manejos de plantas invasoras avaliados foram: na linha de tráfego da entrelinha - grade de discos, herbicida de pós-emergência, herbicida de pré-emergência, roçadora e trincha; e no centro da entrelinha, onde não houve tráfego - amendoim forrageiro (Arachis pintoi, braquiária (Brachiaria decumbens, capina manual, crotalária (Crotalaria juncea e soja (Glicine max L. A amostragem consistiu de duas etapas: uma para determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo de plantas invasoras sem capina; e outra para avaliar a compactação promovida pelos outros manejos de plantas invasoras. A fim de determinar o modelo de capacidade de suporte de carga para o manejo sem capina, foram coletadas no centro da entrelinha 20 amostras com estrutura indeformada nas profundidades de 0-3, 10-13 e 25-28 cm, totalizando 60 amostras. Essas amostras foram submetidas ao ensaio de compressão uniaxial para obter as pressões de pré-consolidação e as umidades volumétricas, que foram usadas para determinar o modelo de capacidade de suporte de carga. Para determinar a compactação causada pelos manejos de plantas invasoras, realizados por meio do controle mecânico, foram coletadas em janeiro de 2010, nas linhas de tráfego das entrelinhas, 180 amostras com

  1. Estudo comparativo do crescimento de plantas de tomate e milho sob condições de salinidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Egídio Bezerra Neto

    1999-01-01

    Full Text Available Plantas de tomate (Lycopersicum esculentum Mill e de milho (Zea maiz L. foram cultivadas em meio hidropônico, em presença de 0 ou 100 mmol de NaCl por litro de solução nutritiva. Trinta dias após o início da aplicação dos tratamentos foi realizada coleta para a análise dos parâmetros de crescimento. A taxa de crescimento absoluto de ambas as espécies diminuiu com a salinidade. O tratamento salino não afetou a alocação de biomassa das folhas, provocou uma diminuição na alocação da biomassa do caule e aumento da alocação da biomassa das raízes das plantas de tomate e de milho. Ocorreu uma redução de 48,01 % na área foliar das plantas de milho e de 58,75 % nas de tomate, devido ao tratamento salino. A razão de área foliar nas plantas de milho foi reduzida em 14,07 % enquanto nas de tomate tratadas com cloreto de sódio aumentou 15,49 %. Os resultados obtidos sugerem que as plantas de milho são mais tolerantes à salinidade que as de tomate.Plants of tomato and maize were grown in hydroponic solution with and without the addition of sodium chloride in order to evaluate some growth parameters of one C3 and one C4 species. After 30 days under the saline stress treatment there was no significant difference between both species regarding to leaf biomass allocation. The stem biomass allocation decreased for both the tomato and the maize plants. This was due to salt treatment, while root biomass allocation increased. The Absolute growth rate was the most affected parameter by the NaCl treatment for which values were obtained for both species. The leaf area also decreased due to the sodium chloride treatment. The leaf area rate increased for the stressed tomato plants, while it tend to decrease for maize plants under saline treatment.

  2. Crescimento de plantas de milho submetidas a déficit hídrico em solos de diferentes texturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Carlesso

    1999-03-01

    Full Text Available O objetivo deste experimento foi quantificar variações no dossel vegetativo de plantas de milho submetidas a dois manejos da água de irrigação em solos de três texturas (argila pesada, franco-argilo-siltosa e franco-arenosa. O experimento foi instalado em área do Departamento de Engenharia Rural, da Universidade Federal de Santa Maria, no ano agrícola 1995/1996. Utilizou-se um conjunto de 12 lisímetros de drenagem com dimensões de 156 cm de comprimento, 100 cm de largura e 80 cm de profundidade, protegidos das precipitações por meio de uma cobertura móvel. Os tratamentos consistiram de dois níveis de manejos da água no solo (irrigado e déficit hídrico terminal e três texturas de solos. Os resultados demonstraram que a redução no índice de área foliar das plantas de milho submetidas a déficit hídrico foi maior em solos de textura argila pesada e franco-argilo-siltosa do que no solo de textura franco-arenosa. A altura das plantas de milho diminuiu quando a fração de água disponível às plantas foi inferior a 0,57, 0,74 e 0,52, para os solos de textura argila pesada, franco-argilo-siltosa e franco-arenosa, respectivamente.

  3. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do girassol em Rondônia Periods of weed interference in sunflower crop in Rondônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gibran da S. Alves

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, determinar os períodos de interferência das plantas daninhas na cultura do girassol e seus efeitos sobre o diâmetro do capítulo, teor de óleo, rendimento de óleo e produtividade. Adotou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com três repetições. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 2 x 2 x 5, sendo os fatores: cultivares (Embrapa 122 e Hélio 358, modalidade de competição (na presença e na ausência de plantas daninhas e períodos de convivência ou controle das plantas daninhas da emergência aos 15, 30, 45, 60 e 110 dias. As variáveis mensuradas foram diâmetro de capítulo, teor de óleo, rendimento de óleo e produtividade. As plantas daninhas interferem negativamente no diâmetro do capítulo, produtividade e rendimento de óleo, mas o convívio com as mesmas aumentou o teor de óleo das sementes, além de reduzir em 76,83 e 92,68% a produtividade dos cultivares Embrapa 122 e Hélio 358, respectivamente. Admitindo-se uma perda de 10% na produtividade, o período anterior à interferência (PAI, o período total de prevenção a interferência (PTPI e o período crítico de prevenção e interferência (PCPI para a cultivar Embrapa 122 foram de 16; 37 e 21 dias, respectivamente. Para o híbrido Hélio 358 o PAI, o PTPI e o PCPI foram de 24; 43 e 19 dias, respectivamente.The objective of this study was to determine the periods of weed interference in sunflower cultivation, and its effects on the head diameter, oil content, oil yield and its productivity. The experimental design was in the randomized blocks with three replications. The treatments were arranged in a factorial 2 x 2 x 5, with the following factors: cultivar (Embrapa 122 and Hélio 358, modality of competition (in the presence and absence of weeds and periods of coexistence and control of weed from the emergence until the 15, 30, 45, 60 and 110 days. The measured variables were head diameter, oil content, oil

  4. Efeito do espaçamento e do uso de leguminosas de cobertura no manejo de plantas invasoras em reflorestamento de Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke (paricá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrízia de Oliveira Alvino-Rayol

    2011-06-01

    Full Text Available A infestação crescente de plantas invasoras em áreas de cultivos é um dos fatores que mais afetam os reflorestamentos na Amazônia, causando decréscimos na produtividade devido à competição direta pelos fatores de produção. Tendo isso em vista, este trabalho objetivou avaliar o efeito de espaçamentos (4x2 m, 4x4 m e 4x6 m e do uso de leguminosas de cobertura (Cajanus cajan e Canavalia ensiformis no controle da matocompetição em plantio de Schizolobium amazonicum Huber ex. Ducke (paricá. As coletas das plantas invasoras foram feitas aos 30 e 90 dias após a semeadura das leguminosas de cobertura. Posteriormente foram levadas para herbários para identificação. Foram identificadas 24 espécies distribuídas em 13 famílias botânicas. No que se refere à infestação, diversidade e riqueza de plantas daninhas, os melhores resultados foram encontrados nos tratamentos com C. ensiformis. Esta leguminosa influenciou a composição florística e a estrutura das comunidades de plantas invasoras. O espaçamento 4m x 2m contribuiu para menor diversidade e riqueza dessa plantas. As espécies de ervas daninhas mais frequentes em todos os tratamentos foram Spermacoce capitata e Brachiaria brizantha.

  5. Plantas medicinais utilizadas na comunidade urbana de Muribeca, Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Lopes de Oliveira

    2010-06-01

    Full Text Available As modernas condições de vida das comunidades urbanas comprometem o uso e transmissão do conhecimento tradicional sobre plantas medicinais. Neste trabalho foi verificada a alteração provocada por treinamento sobre plantas medicinais de um grupo de seis moradoras da comunidade de Muribeca (Jaboatão do Guararapes, PE, comparando-as com vinte moradores com conhecimento adquirido tradicionalmente. A partir de 26 entrevistas semi-estruturadas foram calculados o Fator de Consenso dos Informantes (FCI e a Importância Relativa (IR das plantas citadas pelos dois grupos. As moradoras com treinamento no uso e manipulação citaram 70 espécies, das quais Petiveria alliacea L. e Ocimum selloi Benth. apresentaram os maiores valores de IR (2,0 e 1,6; os sistemas corporais mais indicados e respectivos FCI foram: doenças infecciosas (1,0, doenças das glândulas endócrinas, da nutrição e metabolismo (0,9 e do sistema osteomuscular e tecido conjuntivo (0,89. Os moradores sem treinamento citaram 55 espécies, com maiores valores de IR para Cymbopogon citratus (DC Stapf (2,0, Lippia alba (Mill. N.E. Br. (2,0 e Mentha x villosa Huds. (1,8; os sistemas corporais mais indicados e respectivos FCI foram: doenças parasitárias (1,0, transtornos dos sistemas nervoso (0,79 e gastrintestinal (0,72. As espécies citadas são semelhantes, mas o treinamento influenciou a importância relativa e indicações de usos das plantas.Modern ways of life in urban communities have altered the use and popular transmission of knowledge about medicinal plants. This study evaluated the changes induced by training in medicinal plants in a group of female residents of the urban community of Muribeca (Jaboatão do Guararapes, Pernambuco, comparing them with other community members who have traditionally acquired knowledge. Semi-structured interviews were employed. Informant Consensus Factor (FIC and Relative Importance (RI of each species cited by the two groups were calculated

  6. Estudo bibliográfico sobre o uso das plantas medicinais e fitoterápicos no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Sarmento Gadelha

    2013-12-01

    Full Text Available A utilização da natureza para fins terapêuticos é tão antiga quanto a civilização humana e, por muito tempo, produtos minerais, de plantas e animais foram fundamentais para a área da saúde. Historicamente, as plantas medicinais são importantes como fitoterápicos e na descoberta de novos fármacos, estando no reino vegetal a maior contribuição de medicamentos. É crescente o uso da fitoterapia como prática médica integrativa em diversos países, inclusive no Brasil. A utilização de plantas medicinais tem como facilitadores a grande diversidade vegetal e o baixo custo associado à terapêutica, o que vem despertando a atenção dos programas de assistência à saúde e profissionais. No Brasil, cerca de 82% da população brasileira utiliza produtos à base de plantas medicinais nos seus cuidados com a saúde, seja pelo conhecimento tradicional na medicina tradicional indígena, quilombola, entre outros povos e comunidades tradicionais, seja pelo uso popular na medicina popular, de transmissão oral entre gerações, ou nos sistemas oficiais de saúde, como prática de cunho científico, orientada pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS. É uma prática que incentiva o desenvolvimento comunitário, a solidariedade e a participação social. O objetivo do trabalho foi fazer um levantamento bibliográfico sobre plantas medicinais e fitoterápicos usados pela população. Foi realizado um levantamento bibliográfico com o intuito de obter informações de cunho científico sobre o uso de plantas medicinais e fitoterápicos. Com o estudo realizado pode-se perceber que é de fundamental importância da formação/qualificação dos profissionais de saúde para que melhor atendam as necessidades da população além de ampliar investimento em pesquisas que melhorem os conhecimentos sobre o tema estudado.

  7. Emprego do estiolamento na propagação de plantas Etiolation to clonal plant propagation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Biasi

    1996-08-01

    Full Text Available O estiolamento tem sido utilizado com sucesso no enraizamento de diversas espécies frutíferas e ornamentais lenhosas. Os resultados geralmente são melhores combinando esta técnica com o andamento ou aplicação de reguladores de crescimento. O estiolamento pode ser utilizado de diversas formas, em plantas à campo ou em casa de vegetação. O enraizamento pode ocorrer com os ramos ainda ligados a planta-matriz, realizando-se uma mergulhia, ou então destacados, realizando-se uma estaquia. Neste último caso, após o crescimento do ramo estiolado, ele é novamente exposto à luz, mas com um revestimento opaco em sua base, para que o resto do ramo torne-se verde, mas a base, onde ocorrerá o enraizamento, continue estiolada. O fenômeno ainda não está totalmente conhecido, mas sabe-se que o estiolamento provoca alterações anatômicas e fisiológicas nos tecidos que estão correlacionadas com o melhor enraizamento. Ocorrem reduções na lignificação e suberificação dos tecidos, aumento de tecidos parenquimáticos indiferenciados e redução na espessura das paredes celulares. Também é alterado o controle da luz sobre o metabolismo de auxinas, causando alterações no conteúdo de compostos fenólicos e na atividade do AIA-oxidase e de cofatores do enraizamento.Etiolation has been used successfully to improve rooting in cuttings of woody fruit-tree and ornamental species. The cuttings rooting is usually better when etiolation is used together with ringbarking or hormone application. Etiolation can be achieved through different forms by covering the stock plants in the field or in the greenhouse. The shoots can be rooted while they are still attached to the stock plant, by stooling or they are removed like cuttings. In this case, after the etiolated shoots have elongated enough, the shading is gradually reduced and an opaque band is wrapped around the base of the new shoot, thereby retaining its etiolated condition while the rest of the

  8. Crescimento de plantas de milho e feijão adubadas com biofertilizantes líquidos em sistema de consorciação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendel Barbosa Melo

    2013-10-01

    Full Text Available O consórcio de culturas é uma prática comum na maioria das pequenas propriedades brasileiras. A consorciação de culturas surge como alternativa para que o produtor de agricultura familiar possa diversificar sua produção sem aumentar sua área de de cultivo. Objetivou-se com a pesquisa, avaliar a produção do milho e do feijoeiro macassar cultivados em sistema de consorciação, submetidos à adubação orgânica, com biofertilizantes líquido. A pesquisa foi realizada no Centro de Ciências Humanas e Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba localizado no município de Catolé do Rocha/PB. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com 15 tratamentos, no esquema fatorial 5 x 3 sendo 2 plantas por parcela num total de 120 plantas de milho e 120 de feijão, totalizando 240 unidades experimentais. As variáveis analisadas foram: Altura das plantas apenas para o milho, Diâmetro do caule, Área foliar unitária, Área foliar da planta (feijão e milho, Peso seco da parte aérea, apenas para o feijão. Concluiu-se que a adubação com biofertilizante influenciou positivamente no crescimento das culturas do milho e do feijão sendo as áreas foliares das culturas respectivamente as variáveis de crescimento que apresentaram maior resposta ao uso de biofertilizante. 

  9. Desenvolvimento de cultivares de antúrio IAC como plantas de vaso no norte do Paraná Performance of Anthurium's cultivars as an ornamental vessel plant in northern Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Sadayo Assari Takahashi

    2009-09-01

    Full Text Available O gênero Anthurium Schott. (Araceae compreende mais de 600 espécies. Todas são ornamentais e se destacam pela beleza da folhagem. A espécie Anthurium andraeanum Lind. tem a preferência dos consumidores como planta ornamental devido ao tamanho e colorido de suas espatas. O objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento, em vaso, de cinco cultivares de A. andraeanum em Londrina, Norte do Paraná. As cultivares 'Parakanã', 'Terena', 'Apalai', 'Ianomami' e 'Rubi' foram produzidas por meio de micropropagação e selecionadas pelo Instituto Agronômico (IAC. O trabalho foi desenvolvido em estufa tipo arco com 80% de sombreamento obtido por tela de polipropileno de cor preta. Foi plantada uma muda por vaso plástico com volume de quatro litros usando como substrato fibra de coco tipo 80. A avaliação do desempenho comparativo foi iniciada, a partir do transplante das mudas. O comprimento do pecíolo, o número de folhas, a largura e o comprimento das espatas e o comprimento da haste floral foram avaliados mensalmente. Houve aumento na altura e no número de folhas das plantas nos três anos de cultivo. As cultivares 'Parakanã', 'Rubi', 'Terena' e 'Apalai' floresceram e tiveram maior desenvolvimento vegetativo sendo recomendadas para o cultivo em vasos no Norte do Paraná.The genus Anthurium Schott. (Araceae comprehends more than 600 species. All species are ornamental and are distinguished by the beauty of their foliage. The Anthurium andraeanum Lind. has the preference of the public as an ornamental plant because of the color and size of its spathes. The objective of this work was to evaluate of five cultivars of A. andraeanum, as vessel plant, in the northern region of Paraná State. The cultivars 'Parakanã', 'Terena', 'Apalai', 'Ianomami' and 'Rubi' produced by micropropagation by Instituto Agronômico (IAC were analyzed. The study was conducted at greenhouse with 80% of shade given by a black colored polypropylene screen. One seedling

  10. Levantamento etnobotânico de plantas utilizadas como anti-hiperlipidêmicas e anorexígenas pela população de Nova Xavantina-MT, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcondes Alves B. da Silva

    Full Text Available O presente trabalho verificou a utilização de plantas medicinais encontradas no Cerrado mato-grossense para o tratamento de hiperlipidemias e obesidade. Entrevistas com 180 pessoas acima de 50 anos foram realizadas em Nova Xavantina-MT. O questionário abordou nome popular, parte utilizada, forma de preparo e uso das espécies citadas, além de informações gerais sobre o uso de plantas. As dez plantas mais citadas foram coletadas, identificadas e estudadas por meio de uma revisão bibliográfica. A maioria dos entrevistados (95,6% declarou utilizar plantas medicinais regularmente, sendo que 71,5% deles herdaram o conhecimento sobre plantas dos pais e avós e 94,20% relataram aconselhar o uso aos mais jovens. Além disso, 93,6% atestaram que as plantas são mais eficazes que os medicamentos de farmácia e 57% consideraram forte o efeito das mesmas, ou seja, sempre resolvem o problema de saúde. Quanto aos efeitos adversos, 95,9% disseram nunca ter sentido após o uso de plantas. Dos entrevistados, 56,7% conheciam ou já haviam utilizado plantas medicinais no tratamento de hiperlipidemias e obesidade, sendo citadas 54 espécies medicinais diferentes pertencentes a 53 gêneros e 38 famílias, com destaque para Fabaceae (13%. As dez plantas mais citadas foram: guatambu (Aspidosperma tomentosum Mart., quina-do-cerrado (Strychnos pseudoquina St. Hil., ipê-roxo [Tabebuia impetiginosa (Mart. Ex DC. Standl], embaúba (Cecropia pachystachya Trec., calunga (Simaba sp., pata-de-vaca [Bauhinia rufa (Bong. Steud.], mangaba (Hancornia speciosa Gomez, batata-de-tiú [Jatropha elliptica (Pohl. Muell. Arg.], folha-de-carne (Casearia sylvestris Sw. e manacá (Spiranthera odoratissima A. St.-Hil.. A folha foi a parte mais utilizada (46% e o preparo das plantas ocorre principalmente por meio de infusão citado por 36,5% dos entrevistados. Apesar do uso popular destas plantas no combate as hiperlipidemias e obesidade, há necessidade de estudos fitoquímicos e

  11. Bactérias amonificantes e nitrificantes e teores de amônio e nitrato afetados por plantas de cobertura e fertilizantes nitrogenados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edemar Moro

    2017-07-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito das plantas de cobertura e da fonte de nitrogênio nas bactérias nitrificantes e amonificantes do solo, bem como nos teores de nitrato e amônio. O experimento foi conduzido em um latossolo vermelho distrófico sobre sistema plantio direto (SPD por seis anos. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, no esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições. As parcelas foram constituídas por seis espécies de plantas de cobertura do solo (Brachiaria brizantha, Brachiaria decumbens, Brachiaria humidicola, Brachiaria ruziziensis, Pennisetum americanum e Crotalaria spectabilis e as subparcelas pelo controle e três fontes de nitrogênio (1- controle, sem aplicação de N, 2- nitrato de cálcio, 3- sulfato de amônio e 4- sulfato de amônio + dicianodiamida (DCD aplicadas imediatamente após a emergência do arroz na dose de 40 kg ha-1 de N. Foram avaliadas a atividade das bactérias e os teores de nitrato e amônio no solo aos 15 DAE. As plantas de cobertura milheto (Pennisetum americanum, crotalaria (Crotalaria spectabilis; Brachiaria brizantha, B. decumbens; e B. humidicola proporcionaram os maiores teores de amônio no solo; O uso do inibidor de nitrificação (dicianodiamida-DCD inibiu parte das bactérias nitrificantes e proporcionou os maiores teores de amônio no solo; A atividade das bactérias amonificantes e nitrificantes foi maior nas parcelas cultivadas com braquiárias; Plantas de cobertura aliada ao uso de DCD pode ser uma estratégia para aumentar os teores de amônio do solo cultivado sobre SPD

  12. Avaliação de plantas transgênicas de Petunia x hybrida contendo o gene Psag12 - ipt cultivadas sob deficiência nutricional.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francine Lorena Cuquel

    2001-05-01

    Full Text Available Deficiência nutricional em plantas pode causar clorose, necrose, desfolha, redução do crescimento e da produtividade e senescência prematura. Aplicações xógenas de citocinina podem aliviar tais sintomas. Este estudo foi efetuado para avaliar os efeitos da produção auto-regulada de citocinina na tolerância de plantas de petúnia (Petunia x hybrida à deficiência nutricional. Um gene quimérico contendo o promotor SAG12 unido ao gene ipt, o qual codifica a produção de isopentenyl transferase, uma enzima da rota metabólica da biossíntese de citocinina, foi introduzido em petúnia através de transformação mediada por Agrobacterium. Duas plantas contendo o gene ipt foram selecionadas e autopolinizadas para obtenção das linhas a serem submetidas à deficiência nutricional. Ambas as linhas PSAG12–ipt avaliadas foram mais tolerantes à deficiência nutricional que as plantas do tipo selvagem. Os resultados indicam que a produção endógena de citocinina pode aumentar a tolerância das plantas à deficiência nutricional.

  13. Utilização das principais plantas medicinais em uma comunidade rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis Pinheiro

    1996-12-01

    Full Text Available Estudo descritivo-analítico, realizado na comunidade rural de Pitanga da Estrada-PB, objetivando-se estudar as principais plantas medicinais utilizadas pelas mulheres da comunidade e comparar o uso popular com o recomendado na literatura. Observou-se algumas discordâncias no uso popular quando se compara com o recomendado pela literatura e em especial às propriedades terapêuticas ou indicações para o uso.

  14. Densidade de plantio, crescimento, produtividade e qualidade das frutas de morangueiro "Camino Real" em hidroponia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabelita Pereira Portela

    2012-09-01

    Full Text Available Com o objetivo de determinar o efeito da densidade de plantio sobre o crescimento da planta, a produtividade e características químicas relacionadas à qualidade organoléptica das frutas da cultivar de morangueiro Camino Real em sistema hidropônico do tipo NFT, diferentes densidades de plantio foram avaliadas: 15,0; 12,5; 10,7 e 9,3 plantas m-2, correspondentes ao espaçamento entre plantas de 0,25; 0,30; 0,35 e 0,40 m, sendo fixado o espaçamento entre linhas de 0,18 m. O sistema NFT foi constituído por bancadas de telhas de fibrocimento de 1,10 x 2,44 m, considerando-se cada ondulação côncava da telha como um canal de cultivo. O transplante foi realizado em 26-04-2010, encerrando-se o experimento em 05-01-2011. Avaliaram-se a matéria fresca e seca de folhas, coroa, raízes e frutas, a área foliar, o número de frutas e o peso médio das frutas. Amostras das frutas foram analisadas em relação ao teor de sólidos solúveis totais (SST e à acidez total titulável (ATT. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que o crescimento e a produtividade individual das plantas da cultivar de morangueiro Camino Real não são afetados pela elevação da densidade de plantio, no intervalo entre 9,3 e 15,0 plantas m-2. O crescimento e a produtividade por unidade de área, bem como a concentração de sólidos solúveis totais e a relação SST/ATT apresentam resposta linear ao incremento da densidade de plantio. Sugere-se a adoção da densidade de 12,5 plantas m-2, que proporcionaria rendimento mais elevado (2,79 kg m-2 de frutas com adequadas características organolépticas e redução no número de mudas necessárias, em relação à densidade de 15,0 plantas m-2. Existe a necessidade de desenvolver estudos adicionais com a cultivar Camino Real, a fim de promover adaptações no sistema e verificar a viabilidade econômica de seu cultivo em hidroponia.

  15. Efeito do metribuzin no controle das plantas daninhas e na produção de grãos em Glycine max (L merrill Effect of metribuzin in weed control and yield of Glycine max (L. merrill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. P. Silva Neto

    1991-01-01

    Full Text Available No ano agrícola 1985/ 86, em Viçosa-MG, foi instalado um ensaio de campo em solo Pdzólico Vermelho-Amarelo argiloso e com 2,9% de matéria orgânica, objetivando estudar o efeito das doses de metribuzin (0,0; 0,35; 0,70 e 1,05 kg i.a.ha-1 no controle de plantas daninhas e na produtividade da soja (Geycine max (L. Merri ll, cv. 'Uber aba'. A maioria das monocotiledôneas que ocorreram na area experimental foi represent ada por Cyperus rotundus L., Brachiaria plantaginea (Link Hitch. e Cynodon dactylon (L. Pers., tendo-se verificado somente redução em Brachiaria planta taginea em virtude do aumento das doses de metribuzin, ocorrendo o mesmo com relação às dicotiledôneas que se fizerem presentes no experimento, com exceção de Oxalis Oxyptera Prop., que não foi controlada nas doses utilizadas. A densidade total médias das invasoras, menos Cyperus rotundus , Oxalis oxyptera e Cynodon dactylon, foi de 141; 124; 62 e 59 plantas . m-2, respectivamente, para as doses de 0,0; 0,35 ; 0,70 e 1,05 kg i.a.ha-1 de metribuzin. A dose de 0,35 kg i.a. de metribuzin.ha-1 foi suficiente para promover a redução da matéria seca da parte aérea das plantas daninhas com a mesma eficiência de controle da dose de 1,05 kg i.a .ha-1 Entretanto, a densidade total médil das invasoras foi reduzida sig nificativamente nas doses de 0,70 e 1,05 kg i.a. de metribuzin.ha-l. O efeito do metribuzin na soja foi evidenciado somente na dose de 1,05 kg i.a.ha-1, com injúria foliar (clorose leve ocorrida até 25 dias, aproximadamente, apôs a emergência das plântulas. Após esse período, houve total recuperação de todas as plantas de soja submetidas a essa dose. A produção de grão se o índice de colheita não foram influencia dos significativamente pelas doses de metribuzin.In order to test doses of metribu zin (0,0; 0,35; 0,70 and 1,05 kg a.i.ha ¹ in weed control and yield of soybe an (Glycine max (L. Merri ll, Uberaba, an experiment was conducted under

  16. Produção de rosas influenciada pela aplicação de doses de silício no substrato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antônio Zanão Júnior

    2013-12-01

    Full Text Available A utilização de Si no cultivo de algumas plantas ornamentais cultivadas em vasos em casa de vegetação tem proporcionado aumento na produção e qualidade do produto final. Objetivou-se com este estudo avaliar a produção e absorção de nutrientes de dois cultivares de roseira cultivados em vasos influenciados pela aplicação de doses de Si no substrato. Os tratamentos foram gerados pelo fatorial 2 x 5, composto por dois cultivares de roseira (Yellow Terrazza® e Red White Terrazza® e cinco doses de Si (0; 0,25; 0,50; 0,75; e 1,00 g kg-1, e dispostos em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliados altura, ciclo, produção, diâmetro, longevidade floral, teores e conteúdos foliares de Si, macro e micronutrientes da planta. Foi feita a análise de variância dos dados, ajustando-se equações de regressão para o efeito das doses de Si. A aplicação de Si no substrato melhorou a produção e qualidade das rosas produzidas em vasos em casa de vegetação, porém a resposta das plantas variou com as doses de Si. As doses de Si para se obterem 90 % da produção máxima de matéria seca de flores foram de 0,43 e 0,22 g kg-1 para Yellow Terrazza® e Red White Terrazza®, respectivamente. Já os efeitos negativos do elemento foram observados a partir das doses de 0,86 e 0,55 g kg-1 de Si para Yellow Terrazza® e Red White Terrazza®, respectivamente. Os teores foliares de Si aumentaram em função da dose de Si aplicada no substrato.

  17. Plantas medicinais utilizadas pela comunidade de mimoso no município de Paulista, Paraíba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anne Milane Formiga Bezerra

    2013-02-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE As práticas relacionadas ao uso popular de plantas medicinais são o que muitas comunidades têm como alternativa viável para o tratamento de doenças ou manutenção da saúde. Porém, sua continuidade pode ser ameaçada pela interferência de fatores externos à dinâmica social do grupo, como, por exemplo: a maior exposição das comunidades à sociedade envolvente e, conseqüentemente, ás pressões econômicas e culturais externas. O presente estudo tem como objetivo avaliar o uso de plantas medicinais na comunidade de Mimoso no município de Paulista-PB. O estudo é do tipo exploratório, descritivo com abordagem quantitativa. A população foi constituída por 14 pessoas na faixa etária entre 50 e 70 anos no período de maio a junho de 2012, através de um questionário semi-estruturado. Os resultados do estudo evidenciaram que 42,85% dos entrevistados utilizam as plantas medicinais por não fazer mal á saúde, 71,14% extrai as plantas medicinais do quintal de suas casas, a maioria das pessoas usa como forma de preparo o chá. Contudo, os profissionais de saúde devem orientar essas pessoas quanto ao uso e preparo adequado dessas plantas, pois elas podem prejudicar a saúde do indivíduo

  18. Contributo para a produção em viveiro de plantas lenhosas ribeirinhas de qualidade

    OpenAIRE

    Fabião, António; Faria, Carla; Fabião, André; Pereira, Mafalda; Almeida, Maria Helena

    2008-01-01

    Este documento foi elaborado com o objectivo de divulgar um conjunto de orientações técnicas para a produção em viveiro de plantas lenhosas ribeirinhas de qualidade. Nele são sintetizados os resultados provenientes das actividades desenvolvidas no âmbito do Protocolo INAG – ISA/UTAD “Valorização e Requalificação das Galerias Ribeirinhas na Área do Empreendimento de Odelouca” (Contrato n.º 2004/057/INAG).

  19. Adensamento da beterraba no manejo de plantas daninhas Increased beet density in weed management

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.B. Carvalho

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do adensamento da semeadura na capacidade de supressão da cultura da beterraba sobre a comunidade infestante. Os tratamentos constituíram-se de 12 períodos semanais crescentes de convivência e controle das plantas daninhas, a partir da segunda semana após a semeadura, submetidos a duas densidades populacionais da cultura (40 e 50 plantas m-2. Avaliou-se o acúmulo de massa seca pelas plantas daninhas em cada período e a estimativa da época e extensão dos períodos críticos de interferência das plantas daninhas em função da produtividade comercial da cultura. Observou-se menor acúmulo de massa seca pelas plantas daninhas quando a cultura foi adensada, sendo a diferença média no acúmulo de 17 e 30% para períodos de convivência e controle, respectivamente. O período crítico de prevenção à interferência foi menor na cultura adensada (11 dias em relação à não-adensada (22 dias. O adensamento de semeadura da cultura da beterraba proporcionou aumento na capacidade de supressão da cultura sobre a comunidade infestante, afetando o crescimento e a época e extensão dos períodos críticos de interferência das plantas daninhas, podendo ser usado como ferramenta eficaz no manejo da flora invasora.The aim of this research was to evaluate the effect of increased beet density on the capacity of beet plants to suppress weeds. The treatments were twelve weedy and weed-free increased periods submitted to two beet plant densities (40 and 50 plants m-2. Extension of weed interference was one week and time evaluation started in the second week after sowing. Weed dry mass accumulation for each period and estimate of time and extension of weed interference critical periods based on beet marketable yield were evaluated. Less weed dry mass accumulation was observed for increased beet density. The average percent difference of weed dry mass accumulation between densities was 17 and 30% under

  20. Botrytis cinerea en plantas cultivadas para flor de corte en Argentina.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo R. Wright

    1996-05-01

    Full Text Available Em levantamentos efetuados nos viveiros e centros de venda em Buenos Aires (Argentina e por consultas recebidas no laboratório de Sanidade Vegetal (LASAVE durante os últimos anos, observaram-se diversos sintomas em plantas ornamentais cultivadas para flor de corte. Sobre as flores eram observadas pequenas manchas, inicialmente translúcidas e depois castanhas, que confluíam e avançavam para o pedúnculo ocupando toda a flor, às vezes estendendo-se até o talo. Quando a infecção ocorria em estado de botão floral, este não se abria e ficava mumificado. Posteriormente à realização de tratos culturais que causavam feridas, era observado um escurecimento dos talos. Todos os órgãos afetados cobriam-se de um mofo cinzento, formado por micélio, conidióforos e conídios do fungo. Esta sintomatologia foi constatada nas seguintes espécies: Anemone coronaria L., Chrysanthemum sp., Dianthus caryophyllus L., Gerbera jamesonü Bolus ex J.D. Hook, Gladiolus sp., Limonium sp., Rosa sp., Strelitzia reginae Banks ex Aiton e Tagetes sp. O objetivo do presente trabalho foi determinar a etiologia da doença utilizando-se técnicas fitopatológicas de rotina. Os resultados dos testes de patogenicidade demonstraram que o agente causal da sintomatologia observada é Botrytis cinerea Pers.: Pers., sem registro na Argentina nas espécies estudadas exceto Dianthus caryophyllus e Rosa sp..

  1. EXTRAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DAS CLOROFILAS A E B NAS FOLHAS DA XANTHOSOMA SAGITTIFOLIUM

    OpenAIRE

    Gabriela Coelho Couceiro; Yara Barbosa Bustamante; Janicy Arantes Carvalho; Diego Pachelli Teixeira; Patrícia Marcondes dos Santos; Milton Beltrame Junior; Andreza Ribeiro Simioni

    2017-01-01

    A planta Xanthosoma sagittifolium (taioba) é uma hortaliça que pode suprir muitas necessidades, sendo uma fonte de proteínas, cálcio, ferro, vitamina C e outros nutrientes. As clorofilas são os pigmentos mais abundantes nas plantas e possuem vários benefícios à saúde. Sendo assim, foi analisada a presença das clorofilas na espécie Xanthosoma sagittifolium devido ao seu papel na alimentação e seus benefícios à saúde. A concentração das clorofilas a e b foram determinadas por espectrofotometria...

  2. Freqüência e severidade de corte das fôlhas do sisal(*. Influência sôbre o desenvolvimento das plantas, produção e características da fibra Frequency and severity of leaf cutting upon the growth, longevity and yield of the sisal plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. C. Medina

    1954-01-01

    Full Text Available O A. apresenta nêste artigo os resultados obtidos em uma experiência de corte das folhas do sisal (Agave sisalana Perrine, na qual se procurou comparar os efeitos da combinação de diversas freqüências e severidades de corte sobre o desenvolvimento, produção e longevidade da planta, assim como sôbre as características tecnológicas da fibra. Ficou provado que, com cortes freqüentes e severos, o ciclo de vida das plantas fica bastante prolongado, ao mesmo tempo que a produção de fibras por unidade de área decai sensivelmente, em conseqüência da redução de tamanho das fôlhas e menor conteúdo de fibras nas fôlhas das plantas submetidas a êsse sistema de corte. Os exames de laboratório demonstraram que, enquanto as características químicas das fibras não eram afetadas pelos sistemas de corte estudados, as características físicas eram, pelo contrário, sensivelmente afetados pelo corte freqüente e severo.This paper describes the results obtained with the sisal plant (Agave sisalana Perrine in a cutting trial located in the "Estação Experimental Central do Instituto Agronômico", at Campinas. This trial was designed to compare the effects of four cutting cycles, combined with three levels of severity of cutting, upon growth, longevity, and yield of the sisal plant, and on the quality of its fiber. The experiment was laid out in 4 randomized blocks of 4 plots, each plot having 3 sub-plots. Sub-plot size was of twelve plants spaced 2.5 x 1.5 m and arranged in two rows of 6 plants each. The results can be summarized as follows : (a The life cycle of the sisal plant was greatly influenced by the cutting method used. The greater the frequency and severity of cutting the slower was the growth of the plant and the longer it took to pole. (b Light cutting at six to twelve-month cycles was conducive to early poling, and the plant yielded fewer, though heavier, leaves. (c Heavy cutting at a three-month cycle reduced plant size

  3. Utilização da medida do clorofilômetro no manejo da adubação nitrogenada em plantas de pimentão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Godoy L. J. G.

    2003-01-01

    Full Text Available O adequado manejo da adubação nitrogenada ao longo do ciclo da cultura do pimentão é complicado pela falta de um índice do N disponível no solo e por ser a análise química de folhas um método de diagnose demorado. Foi realizado um experimento em vasos, em um túnel de plástico pertencente ao Departamento de Recursos Naturais/Ciência do Solo, da FCA/UNESP, Botucatu (SP, com o objetivo de avaliar o índice de suficiência de nitrogênio (ISN, calculado com base nas medidas do clorofilômetro, como ferramenta auxiliar no manejo da adubação nitrogenada em plantas de pimentão. O experimento foi composto de doses de N (4,9; 9,8; 14,7; 19,6; e 24,5 g de N 50 kg-1 de solo - uma planta aplicadas de modo convencional ou pela fertirrigação e um tratamento em que as plantas não receberam apenas a adubação nitrogenada, com sete repetições. As medidas do clorofilômetro foram realizadas a cada 15 dias em cinco folhas recém-maduras por planta. O ISN foi calculado pela relação entre a média das medidas do clorofilômetro nas plantas dos tratamentos (MCT e a média das medidas do clorofilômetro nas plantas que receberam a maior dose (MCR, na área de referência (ISN = MCT/MCR x 100. O ISN pode ser um bom indicador do momento de aplicação do adubo nitrogenado e auxiliar no ajuste da dose de N de acordo com a exigência das plantas de pimentão, com a finalidade de aumentar a eficiência de utilização do N aplicado.

  4. Mobilidade do boro em plantas de abacaxi Boron mobility in pineapple

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Susana Cristine Siebeneichler

    2005-08-01

    Full Text Available Para confirmar a mobilidade do boro em abacaxizeiro, cultivaram-se doze mudas da cultivar 'Pérola' em solução nutritiva completa, contendo 1 µmol L-1 de B, em delineamento inteiramente casualizado. Após 45 dias, coletaram-se quatro plantas (T0 e, nas oito plantas restantes, aplicou-se, por 3 dias consecutivos, uma solução de H3BO3 a 10 mmol L-1, pincelando-se ambas as faces da folha basal número sete (7. A partir do início da aplicação foliar, foi suspenso o fornecimento de B na solução nutritiva. Um dia após a terceira aplicação foliar, coletaram-se quatro plantas (T1 e, 60 dias após esta, coletaram-se as últimas quatro plantas (T2. As plantas foram fracionadas em diferentes partes nas quais o teor de B total foi determinado pelo método da azometina-H. Em T0, o maior teor de B observado foi na raiz; no T1, na folha pincelada e na raiz e, no T2, na folha pincelada. O conteúdo de B acompanhou a variação da massa seca das porções da planta, sendo que, no T2, o maior conteúdo de B e massa seca foram observados nas folhas novas formadas entre o T1 e o T2. O boro contido nessas folhas (29,8% do boro total da planta proveio das folhas mais velhas (FMed, FTrat e FBas, cujo conteúdo diminuiu significativamente, confirmando a mobilidade do boro em plantas de abacaxi 'Pérola'.To confirm the mobility of boron in pineapple, twelve 'Pérola' pineapple seedlings were cultivated in a complete nutrient solution containing 1 mmol L-1 B in a completely randomized design. After 45 days, B was removed from the nutrient solution, and four plants were harvested (T0, and in the eight remaining plants 10 mmol L-1 H3BO3 solution were painted, for 3 consecutive days, on both faces of the basal leaf number seven (7. One day after the third foliar application, four plants were harvested (T1 and, sixty days later, the last four plants were harvested (T2. The plants were partitioned into different parts in which total B concentration was determined

  5. Novas ocorrências de Erwinia carotovora subsp. carotovora e de E. chrysanthemi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Irene M. G. Almeida

    1997-05-01

    Full Text Available Em continuidade a trabalhos de caracterização de bactérias pectinolíticas do gênero Eruia ocorrendo no Brasil, são relacionadas novas ocorrências dessas fitobactérias em plantios comerciais, que ocasionam podridão mole em cinco espécies de plantas ornamentais. Testes bioquímicas, fisiológicos, culturais e de patogenicidade permitiram comprovar a ocorrência de Erwinia carotovora subsp. carotovora em plantas de afelandra, amarílis e copo-de-leite, e de Erwiniachr santhemiemcordilineekalanchoe.

  6. Levantamento etnobotânico de plantas medicinais na comunidade quilombola Carreiros, Mercês – Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia M. C. Ferreira

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi identificar as espécies medicinais utilizadas pela comunidade quilombola Carreiros, bem como traçar o perfil social das famílias desta comunidade. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas da comunidade, sendo um representante de cada família. Para fins de registro foram coletados dois exemplares de cada espécie medicinal identificada, os quais foram conservados na forma de exsicatas e mantidos no Laboratório de Ecologia do IF Sudeste MG – Campus Rio Pomba. As mulheres aparentemente desempenham importante papel social e estão bastante envolvidas no conhecimento das plantas medicinais. Nota-se, que o conhecimento existente foi adquirido de forma empírica e éevidente entre as famílias a preocupação em repassar os conhecimentos tradicionais sobre o uso das plantas medicinais aos jovens. Dentre as principais espécies utilizadas pela comunidade estão: Citrus Sinensis L., Psidium guajava L., Leonurus sibiricus L., Citrus Limonia (Osbeck, Carica sp., Vernonia condensataBacker, Sechuium edule (Jacq. Sw, Sansevieria trifasciata Prain, Malpighia glabra L., e Saccharum zofficinarum L..

  7. Representations and uses of medicinal plants in elderly men Representaciones y usos de las plantas medicinales en mayores Representações e usos de plantas medicinais por homens idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Cristina da Silva Lima

    2012-08-01

    plantas medicinales.Objetivou-se, neste estudo, conhecer e compreender as representações sobre o uso de plantas medicinais por homens idosos, assistidos em Estratégias de Saúde da Família de Dourados, MS. Participaram deste estudo 18 homens idosos com idade igual ou superior a 60 anos, fazendo uso de quatro ou mais medicamentos. Trata-se de pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória. Os resultados apontaram que ainda existe o consumo de plantas medicinais entre os idosos, principalmente no tratamento de morbidades menores. As representações sobre as plantas medicinais parecem ancoradas na concepção de segurança, ou seja, são naturais e apresentam poucos efeitos colaterais. Seu uso é feito concomitantemente com os medicamentos industrializados, sem atentar para os riscos das interações. Os homens idosos utilizam as plantas medicinais sem, no entanto, relatar aos profissionais de saúde. Logo, faz-se necessária a educação permanente da equipe de saúde e da enfermagem, voltada para a fitoterapia, visando contribuir para o uso seguro e eficaz das plantas medicinais.

  8. Consequências do polimorfismo das ceras cuticulares para a função de barreira da cutícula vegetal: estudos em sistemas modelo

    OpenAIRE

    Carreto, Laura Cristina da Silva

    2003-01-01

    Tese de doutoramento, Química, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade do Algarve, 2003 Muito embora a especiação das plantas vasculares se tenha traduzido na evolução de uma larga variedade de cutículas, algumas das características que determinam a função desta membrana, encontrada a revestir as partes não lenhificadas das plantas, foram conservadas evolutivamente. Não se conhecem excepções à regra de que a cutícula vegetal é uma estrutura de dupla-face, composta por dois meios d...

  9. Resíduo agroindustrial na formação de mudas ornamentais irrigadas com água residuária

    OpenAIRE

    Aline Costa Ferreira; Viviane F. Silva; Kalyne S. A. de Brito; Elka Costa Nascimento

    2014-01-01

    O reuso de água de esgoto tratada juntamente com o uso de resíduos industriais para a formação de mudas de girassol ornamental vem sendo uma alternativa econômica para o estado da Paraíba. Nesse contexto, a pesquisa foi realizada objetivando-se a utilização de resíduo agroindustrial na formação de mudas ornamentais irrigadas com água residuária. Desenvolvido em ambiente protegido na Universidade Federal de Campina Grande – UFCG, localizado no Estado da Paraíba-PB, utilizaram-se os seguintes t...

  10. O \\"reino das plantas\\" nos livros didáticos de ciências: análise das imagens

    OpenAIRE

    Rená Manoel de Souza e Silva

    2017-01-01

    As imagens sempre desempenharam papel fundamental na compreensão do conhecimento científico e, portanto, também nos livros didáticos de ciências. Porém, pesquisas têm mostrado que as imagens não são transparentes; por isso, defendemos a fundamental compreensão dos professores em relação ao uso das imagens no processo de ensino-aprendizagem, e na orientação da leitura e no uso desse recurso como suporte das atividades pedagógicas. Esta pesquisa analisou as imagens presentes nos livros didático...

  11. Nitrogen for growth of stock plants and production of strawberry runner tips Nitrogênio para crescimento das plantas matrizes e produção de pontas de estolões de morangueiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Djeimi Isabel Janisch

    2012-01-01

    íodo de emissão. O número de folhas, massa seca (MS de folhas, coroas e raízes e área foliar específica e índice de área foliar (IAF das plantas matrizes foram determinadas no fim do experimento. O aumento na concentração de N de 5,12 para 15,12 mmol L-1 reduziu o crescimento da coroa, das raízes e o IAF das plantas matrizes de morangueiro, mas não afetou a emissão e o crescimento das pontas de estolões. Conclui-se que para a produção comercial de pontas de estolões a concentração de N na solução nutritiva pode ser de 5,12 mmol L-1.

  12. Calendário floral de plantas melíferas nativas da Borda Oeste do Pantanal no Estado do Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzana Maria Salis

    2015-10-01

    Full Text Available Resumo:O objetivo deste trabalho foi avaliar o padrão de floração, ao longo do ano, de plantas melíferas na Borda Oeste do Pantanal, no Maciço do Urucum, MS, bem como o tipo de recurso oferecido pela flora melífera, para elaborar um calendário floral para a região. A floração das plantas melíferas visitadas pelas abelhas nativas e africanizadas foi acompanhada quinzenalmente, por 3 anos consecutivos, tendo-se anotado a data de florescimento, o hábito de crescimento e os recursos coletados pelos insetos. Foram identificadas 160 espécies florescendo e sendo visitadas pelas abelhas, mas somente 73 espécies foram consideradas como plantas melíferas e incluídas no calendário floral, das quais 34 eram ervas, 17 árvores, 15 arbustos e 7 lianas. Foram observadas plantas melíferas em flor ao longo de todo o ano, com maior número no verão e menor no inverno. As ervas florescem mais intensamente no verão e no outono (janeiro-junho, enquanto as árvores e os arbustos, na primavera (final de setembro-dezembro. As lianas florescem, principalmente, no final do verão (março-abril. Néctar e pólen são oferecidos às abelhas ao longo de todo o ano, com diminuição da oferta nos meses de inverno (julho-setembro.

  13. Levantamento etnobotânico de plantas popularmente utilizadas como antiúlceras e antiinflamatórias pela comunidade de Pirizal, Nossa Senhora do Livramento-MT, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neyres Zínia Taveira de Jesus

    Full Text Available O trabalho teve por objetivo proceder o levantamento etnobotânico das espécies vegetais utilizadas popularmente no Distrito de Pirizal - MT, no pantanal mato-grossense, como antiúlceras e antiinflamatórias. A entrevista aberta foi realizada através da aplicação de um roteiro base a 38 informantes adultos, na faixa etária de 25 a 75 anos. Indagou-se o nome popular das plantas, partes utilizadas, preparados e vias de administração, e realizou-se a revisão bibliográfica das plantas mais citadas no estudo, utilizando-se as bases de dados convencionais. Foram citadas 49 espécies pertencentes a 47 gêneros e 32 famílias, destacando-se a família Fabaceae. As plantas mais citadas simultaneamente como antiúlceras e antiinflamatórias foram Lafoensia pacari St. Hil. (9,2%, Hyptis crenata Pohl (8,8%, Hyptis suaveolens (L. Poit (6,7%, Stachytarpheta cayenensis (L.C.Rich Vahl (5,8%, Waltheria indica L. (5%, Strychnos pseudoquina St. Hil. (4,2% e Vatairea macrocarpa (Benth. Ducke (3,3%. A parte da planta mais citada foi a folha (57,1%, a via de administração mais utilizada no tratamento das úlceras gástricas foi a oral (100%, com preferência para os chás (75%, enquanto nas inflamações foram os banhos tópicos (60%.. A revisão bibliográfica apontou a necessidade de aprofundar os estudos químico-farmacológicos para Vatairea macrocarpa (Benth. Ducke e Hyptis crenata Pohl.

  14. Plantas medicinais utilizadas pela população do município de Lagarto- SE, Brasil – ênfase em pacientes oncológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.L.B. CAETANO

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO A utilização de plantas com fins medicinais é uma das mais antigas formas de prática medicinal da humanidade. Entretanto, o conceito de “natural” contribui para o pensamento popular e errôneo de que Plantas Medicinais (PM são sinônimos de produtos seguros, o qual pode ocasionar no desenvolvimento de efeitos adversos ou interações medicamentosas. Neste contexto, foi realizado levantamento etnofarmacológico das Plantas Medicinais (PM utilizadas no município de Lagarto, SE, Brasil, com ênfase de seu uso por pacientes oncológicos. Um total de 706 moradores foram entrevistados. Foram citadas 80 plantas, das quais 57 foram identificadas em nosso laboratório. O uso de plantas medicinais (MP para fins terapêuticos foi relatada por 336 (47,65% entrevistados. As MPs mais utilizados foram: Erva-Cidreira (Lippiaalba (Mill N. E. Brown - 103, 30,8%, Boldo (Plectranthus barbatus Andr. - 53, 15,7%, e Capim-Santo (Cymbopogon citratus (D.C. Stapf - 49, 14,6%. Dos entrevistados que relataram o uso de MPs, metade (360, 50,95% comunicaram ao médico, mas não receberam orientações específicas. As doenças crônicas mais comuns identificadas foram: hipertensão arterial (144, 20,34%, câncer (55, 7,81% e diabetes (41, 5,89%. Dos pacientes com câncer, cerca de 40% (22 relataram utilizar PMs concomitante com quimioterapia, dado alarmante, visto a possibilidade de interações medicamentosas entre PMs e antineoplásicos. Diante desses dados, foi observado o uso de PM pela população de Lagarto, SE, e por pacientes oncológicos dessa região, porém, sem os mesmos receberem orientações de um profissional qualificado.

  15. Viabilidade técnica e econômica de argamassas de revestimento produzidas com incorporação de resíduos de rochas ornamentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Gustavo Fiorese Vinco

    Full Text Available Resumo Na atualidade, além do desenvolvimento econômico, tem-se a questão do desenvolvimento sustentável, pelo qual se busca não apenas a redução de custos, mas também a redução dos impactos ambientais gerados pela construção civil. Uma das formas de redução desses impactos é através de medidas mitigatórias no que diz respeito ao resíduo do corte de rochas ornamentais (RCRO gerado no processo de fabricação de chapas. O objetivo deste trabalho é analisar a adição do RCRO em teores de 50%, 100% e 150% em relação ao volume de cimento na produção de argamassas para revestimento. Para tanto, foram realizados ensaios laboratoriais de retenção de água e consistência, massa específica, resistência à compressão e à tração. Analisou-se também a aplicação em obra e o custo de produção das argamassas. Além disso, foi proposto um processo de mistura para utilização do resíduo in natura. Os resultados apontam uma melhora nas propriedades avaliadas, tanto no estado fresco quanto endurecido, para todos os traços. Em obra, os traços com adição de 100% de RCRO mostraram melhores resultados. Com relação aos custos houve diminuição em todos os traços com a adição de RCRO. Por fim, o processo de mistura proposto mostrou-se eficiente para uso do resíduo in natura.

  16. Substratos e diferentes concentrações da solução nutritiva preparada em água residuária no crescimento do girassol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Amilton Santos Júnior

    Full Text Available A utilização da água residuária no preparo da solução nutritiva em cultivos semi-hidropônicos, tanto incrementa a oferta de água em regiões de escassez quanto recicla os nutrientes nela contidos disponibilizando-os às plantas. Considerando estes aspectos, buscou-se com o presente trabalho, analisar o crescimento e desenvolvimento de plantas de girassol para fins ornamentais, cultivadas em sistema semi-hidropônico, utilizando água residuária no preparo de soluções nutritivas com concentrações nutricionais crescentes (55; 70; 85 e 100% à base de NPK, e diferentes substratos de cultivo (fibra de coco, areia lavada e bagaço de cana de açúcar. Os tratamentos foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, analisado em esquema fatorial 4x3, com três repetições, totalizando 36 unidades experimentais. Concluiu-se que mesmo com a redução da concentração de NPK da solução nutritiva para 55%, o crescimento de plantas de girassol para fins ornamentais permanece dentro do padrão comercial, desde que seja utilizado água residuária no preparo da solução nutritiva e fibra de coco ou areia lavada como substrato de cultivo.

  17. Dinâmica populacional de plantas daninhas em cultivares de alface produzidas no verão em Seropédica - RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio de Amorim Brandão

    2015-07-01

    Full Text Available Diferenças na arquitetura em espécies de alface cultivadas podem levar a alterações nas populações de plantas daninhas no período de cultivo. Dessa forma, objetivou-se neste trabalho avaliar efeitos de cultivares de alface na supressão de plantas daninhas. Foram avaliadas 12 cultivares de alface dispostas no delineamento em blocos ao acaso, com três repetições. As parcelas constituíram-se de 12 plantas distribuídas em quatro linhas espaçadas em 0,30 m. As cultivares avaliadas foram: do grupo lisa (Regina 2.000, Regina 500, Regina 3.500, Maravilha de Inverno, Boston Branca, Rainha de Maio; do grupo crespa (Grand Rapids, Hanson, Camila, Banchu Red Fire e do grupo americana (Grandes Lagos, Delícia. A população de plantas daninhas foi avaliada aos 15 e 29 dias após o transplantio das cultivares. As plantas daninhas foram coletadas em um quadrado de 0,25 m de lado, lançadas ao acaso nas parcelas. Todas as plantas do interior do quadrado foram coletadas e identificadas, e o número de espécies e de indivíduos por espécie foi quantificado. Em seguida, esse material foi seco em estufa de circulação forçada a 65ºC por 72 horas, até atingir massa constante. Determinou-se a frequência (F; densidade (D; dominância (DO; frequência relativa (FR; densidade relativa (DR; dominância relativa (DOR e índice de valor de importância (IVI. As três principais plantas daninhas, com relação ao (IVI, identificadas nas duas coletas, foram a Cyperus esculentus L., Commelina benghalensis L. e Panicum maximum Jacq. As cultivares do grupo lisa Regina 500, Regina 2.000, Regina 3.500 e Rainha de Maio provocaram maior supressão de todas as espécies de plantas daninhas na segunda avaliação.

  18. Avaliação do ciclo e produção da planta-filha em função do manejo da planta-mãe em diferentes épocas do ano em bananeira Prata-Anã Evaluation of cycle and production of sucker plant in function of mother plant management in banana tree 'Prata Anã´

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Egídio Flori

    2008-06-01

    Full Text Available Objetivou-se, neste trabalho, avaliar o efeito do manejo da planta-mãe e da época de seleção das plantas-filha de bananeira 'Prata-Anã´ (Musa spp. na produção e no período de desenvolvimento da planta-filha. Utilizou-se um bananal comercial com cinco anos de idade, plantado no espaçamento de 3,5 m x 2,0 m. O delineamento foi inteiramente casualizado no esquema de parcelas subdivididas, com três repetições. Os tratamentos nas parcelas foram: manejo 1 (M1 - família conduzida sem a planta-mãe, a qual foi retirada logo após a sua floração; manejo 2 (M2 - família conduzida com planta-mãe (manejo convencional. As subparcelas corresponderam a doze épocas de seleção das plantas-filha, selecionadas no estádio de chifrão, iniciando em fev./02 e finalizando em jan./03. As características avaliadas foram: a período de desenvolvimento da planta-filha (período em dias entre a data de seleção da planta-filha e a sua colheita; b massa do cacho das plantas-filha. Diante dos resultados obtidos concluiu-se: o manejo da planta-mãe não influenciou a massa do cacho da planta-filha; o manejo da planta-mãe alterou o período de desenvolvimento da planta-filha, sendo esse menor naquelas conduzidas sem a planta-mãe (M1; a época de seleção influenciou a massa do cacho e o período de desenvolvimento da planta-filha.The objective of this study was to evaluate the effect of managing banana mother plants and time of selection of sucker on their productive characteristics, using the cultivar 'Prata Anã´ (Musa spp. genomic group AAB. The crop was planted in March 1997, spaced by 3.5 m x 2.0 m. An experimental area of 2.1 hectares was demarcated in February 2002. A split-plot design was used incorporating a completely random design with three replications. The plots consisted of five plants submitted to two managements: M1 - hill managed without the mother plant, which was removed right after flowering; M2 - hill managed with the mother

  19. Cover crop management in the weed control and productive performance in cornManejo de plantas de cobertura no controle de plantas daninhas e desempenho produtivo da cultura do milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Valério Dutra de Moraes

    2013-05-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar espécies vegetais com potencial alelopático, associados às práticas de manejo e ao uso de herbicida nicosulfuron, no controle de plantas daninhas e nos componentes de produtividade da cultura do milho. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com quatro repetições. O experimento foi composto por três fatores: espécies de cobertura, manejo das coberturas e aplicação ou não de herbicida nicosulfuron em pós-emergência. As variáveis avaliadas foram: número de plantas daninhas, número de fileiras de grãos, número de grãos por fileira, número de grãos por espiga e produtividade de grãos de milho. A cobertura de azevém, em geral, reduz o número de plantas daninhas emergidas e favorece o desempenho produtivo do milho. O manejo das plantas de cobertura com roçada e retirada da palha reduz a produtividade do milho. A maior produtividade do milho, foi observada com a aplicação de nicosulfuron em pós-emergência, independente da cultura de cobertura ou do manejo adotado. The objective of the study was evaluate the allelopathy of cover species, associated to management practices and use of nicosulfuron herbicide on the productive performance of corn. The experimental design consisted of complete randomized block with four replications. The treatments were: cover species, cover management and application or not of post-emergence herbicide. The variables evaluated were: number of weeds, number of rows kernels, number of kernels rows, number of kernels ear and grain yield of corn. Lolium multiflorum, reduced the number of emerged weeds and provides the best results in productive performance. The management simulated grazing, does not favor the yield of corn. The application of nicosulfuron in post-emergence, along with the allelopathic activity increases the productive performance of corn, regardless of cover crop or soil management.

  20. A PRODUÇÃO DE ROCHAS ORNAMENTAIS NO NOROESTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA E ITALVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Pereira Silvestre

    2014-08-01

    Full Text Available O Noroeste Fluminense é o principal produtor de rochas ornamentais do estado. Os municípios de Santo Antônio de Pádua e Italva tem na produção de rochas ornamentais a base para o seu desenvolvimento socioeconômico. Este estudo objetiva caracterizar o processo de produção de rochas, identificando e caracterizando os principais problemas e soluções adotadas para solucioná-los. A metodologia empregada consistiu na realização de trabalhos de campo nas pedreiras, serrarias e instituições diretamente ligadas ao setor; e entrevistas com representantes de diferentes segmentos deste setor produtivo. Os resultados indicam que existem cerca de 300 microempresas empregando aproximadamente 6.000 pessoas, destas somente 140 são associadas ao sindicato local. Alguns empreendimentos ilegais causam desmatamentos e descartam rejeitos em locais impróprios, causando danos ao meio ambiente. Em conjunto, instituições públicas e privadas têm adotado medidas para sanar tais problemas, entre elas: assinatura do TAC (Termo de Ajustamento de Conduta, construção da empresa Argamil e instalação de tanques de decantação. Essas ações objetivam minimizar os impactos e proporcionar um desenvolvimento sustentável a região.

  1. Ocorrência do uso de plantas medicinais por moradores de um bairro do município de Marília-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. F. MACEDO

    2009-01-01

    Full Text Available

    As plantas medicinais continuam ocupando lugar de destaque no arsenal terapêutico e muitas vezes, é o único recurso de muitas comunidades e grupos étnicos. O objetivo do presente trabalho foi pesquisar a ocorrência do uso de plantas medicinais em residências de um bairro do município de Marília-SP. Foram entrevistados moradores de 150 residências do Jardim Lavínia, no período de março a julho de 2006. Foram aplicados questionários semi-estruturados para o levantamento dos dados. Os resultados mostraram que 19,34% das residências, possuíam plantas e destas, 41,37% de Melissa officinalis, 31,03% de Matricaria chamomilla, 13,79% de Camellia sinensis, Mentha piperita e Foeniculum vulgare, 6,89% de Valeriana officinalis, Baccharis triptera, Peumus boldus e 27,52% outros. A indicação do uso foi de 55,17% por amigos/parentes, 13,79% por TV/Rádio, 13,79% por cultura/crenças, 6,89% não responderam e apenas 10,34% por prescrição médica. Das plantas medicinais encontradas, 31,25% eram utilizados de modo contrário à sua finalidade. Dos moradores entrevistados, 41,37% apresentavam idade acima de 46 anos e 31,03% possuíam ensino superior completo. Estes dados permitem concluir que mesmo o consumo sendo amplo no Brasil, ainda existe escassez de informação e a falta desta se dá também em indivíduos de nível superior, podendo gerar uso incorreto. Os meios de comunicação já não são mais os grandes vilões do estímulo do uso das plantas medicinais, a cultura popular faz com que as indicações sejam transmitidas de pessoa para pessoa, atingindo também a população mais favorecida economicamente. Palavras-chave: etnobotânica; plantas medicinais; farmacoterapia; fitoterápicos.

  2. Plantas medicinais usadas para tratamentos dermatológicos, em comunidades da Bacia do Alto Paraguai, Mato Grosso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Macedo

    Full Text Available O uso de plantas medicinais no Brasil e em especial no Estado de Mato Grosso vem sendo registrado em suas comunidades rurais e tradicionais. Este trabalho visa identificar plantas com potencial dermatológico utilizada pelas comunidades: quilombolas, ribeirinhas, rurais e tradicionais dos municípios de Barão de Melgaço, Nossa Senhora do Livramento, Poconé e Santo Antônio de Leverger. Fez-se a coleta de material botânico fértil e levantamento sobre o uso desses vegetais com a população local. Este material encontra-se identificado e depositado em Coleção de Referência de Plantas Medicinais no UFMT, Herbário Central. Registraram-se 36 espécies utilizadas no tratamento de doenças como afecções, feridas e úlceras, erisipelas, herpes labial e verrugas. Destacam-se espécies como: Astronium fraxinifolium Schott.; Bixa orellana L.; Brosimum gaudichaudii Tréc.; Cassia grandis Lf.; Heliotropium indicum L.; Jacaranda brasiliana (Lam. Pers.; Macrosiphonia velame (St. Hil. Mull. Arg.; Pistia stratiotes L.; Senna alatal. Roxb., entre outras. Estes vegetais são freqüentemente usados na forma de banhos e chás. O órgão vegetal mais utilizado foi as folhas, seguido de cascas do caule, frutos, óleo, raiz, planta inteira, seiva e sementes. O avanço da fronteira agropecuária nesse Estado é constante preocupação dos botânicos e das comunidades que ao longo das décadas usufruem desse potencial medicinal.

  3. Caracteres das sementes, plântulas e plantas jovens de Ormosia arborea (Vell. Harms E Ormosia fastigiata Tul. (Leg-papilionoideae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Gurski

    2012-02-01

    Full Text Available Ormosia arborea (Vell. Harms e Ormosia fastigiata Tul. são espécies similares em muitos caracteres morfológicos, o que resulta em dificuldade na sua identificação, tanto em campo quanto em material herborizado. Neste estudo foram descritas as características morfológicas das sementes e morfoanatômicas das plântulas e plantas jovens de O. arborea e O. fastigiata, coletadas em restinga e em mata ciliar, respectivamente. Sementes e plântulas foram processadas segundo técnicas usuais. As sementes de O. arborea são mais pesadas e têm germinação hipógea criptocotiledonar. O caule contém tricomas tectores esparsos e grande quantidade de lenticelas e, na raiz, nodulações. A folha apresenta parênquima paliçádico de células mais curtas, com base mais larga e presença de pigmentos vacuolares, espaços intercelulares conspícuos no parênquima esponjoso, tricomas tectores restritos à nervura principal e células epidérmicas da face adaxial maiores que as da face abaxial. A germinação de O. fastigiata é fanerocotiledonar, e a plântula possui muitos tricomas ao longo do caule e lenticelas restritas à região basal deste. As folhas apresentam tricomas tectores em todas as nervuras, com parênquima paliçádico de células tipicamente alongadas e parênquima esponjoso com espaços intercelulares reduzidos. Tais características são consistentes para separar as plântulas e sementes dessas espécies, que têm a mesma denominação popular e contribuem com informações úteis para o meio produtivo.

  4. Características fisiológicas das culturas de soja e feijão e de três espécies de plantas daninhas Physiological caracteristics of soybean and common bean crops and three weed species

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procópio

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar os características fisiológicas taxa de fotossíntese líquida (A, taxa de transpiração (E, condutância estomática (gs e eficiência do uso da água (WUE e os índices de crescimento biomassa seca total (Wt e índice de área foliar (L para as culturas de soja (Glycine max e feijão (Phaseolus vulgaris e para as das plantas daninhas Bidens pilosa, Desmodium tortuosum e dois biótipos de Euphorbia heterophylla (um suscetível e outro resistente aos herbicidas inibidores da ALS, em duas épocas de avaliação: 39 e 67 dias após a semeadura (DAS. O experimento foi conduzido a campo em um Argissolo Vermelho-Amarelo, fase terraço, utilizando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, sendo o fator da parcela principal as espécies vegetais e o da subparcela as épocas de avaliação, com quatro repetições por tratamento. Foi observado maior Wt da soja em relação às plantas daninhas. As culturas de soja e feijão apresentaram maior L do que as plantas daninhas. Os biótipos de E. heterophylla apresentaram a maior A, bem como a maior gs. Com exceção de D. tortuosum, as plantas daninhas apresentaram maior WUE em relação às culturas nos estádios iniciais de desenvolvimento. Não foram observadas diferenças em relação a qualquer parâmetro fisiológico avaliado entre os biótipos de E. heterophylla.This work aimed to evaluate the physiological caracteristics net photosynthesis (A, transpiration rate (E, stomatal conductance (gs and water use efficiency (WUE and growth indexes of total dry matter (Wt and leaf area index (L for soybean (Glycine max, common bean (Phaseolus vulgaris and weeds Bidens pilosa, Desmodium tortuosum and two biotypes of Euphorbia heterophylla (one susceptible and other resistant to ALS inhibitor herbicides during two periods of evaluation, 39 and 67 days after sowing (DAS. The experiment was conducted under field conditions in a Red

  5. Produtividade e composição de uva e de vinho de videiras consorciadas com plantas de cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jovani Zalamena

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de plantas de cobertura verde sobre a produtividade das videiras e sobre a composição da uva e do vinho. Durante duas safras, foram feitas avaliações de três tipos de consórcio, dois manejos das coberturas e de um tratamento controle, com plantas espontâneas controladas por herbicidas e roçagem. Utilizou-se vinhedo de uvas 'Cabernet Sauvignon', localizado a 1.130 m de altitude, em um Cambissolo Húmico distrófico, em São Joaquim, SC. Os consórcios foram realizados com a sucessão de cultivos anuais de moha (Setaria italica com azevém (Lolium multiflorum e de trigo mourisco (Fagopyrum esculentum com aveia‑branca (Avena sativa, bem como com a planta perene festuca (Fetusca sp.. Os manejos consistiram da transferência ou não do resíduo cultural da linha para a entrelinha. As videiras apresentaram maior produtividade de uva no consórcio com as plantas anuais, em comparação ao tratamento controle, ou com a planta perene festuca. O manejo da cobertura verde não teve influência sobre as variáveis avaliadas. Os consórcios não influenciaram de forma consistente os teores de N da uva nem a composição do mosto, embora, na última safra, o teor de sólidos solúveis totais do mosto tenha sido maior nos tratamentos com consórcio, em comparação ao controle. Além disso, as videiras consorciadas com festuca podem proporcionar vinho com maior teor de antocianinas e polifenóis totais.

  6. Períodos de interferência das plantas daninhas na cultura de cebola (Allium cepa transplantada Periods of weed interference with transplanted onion crop (Allium cepa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.J. Soares

    2003-12-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado com o objetivo de estudar os efeitos de períodos de convivência (0, 14, 28, 42, 56, 70, 84 e 98 dias após o transplantio de uma comunidade de plantas daninhas sobre a produtividade de quatro cultivares de cebola (Mercedes, Granex 33, Superex e Serrana, em sistema de transplantio de mudas. O experimento foi instalado em Jaboticabal-SP, de abril a outubro de 2000, utilizando delineamento experimental de blocos ao acaso, quatro repetições, em esquema fatorial 4 x 8. As principais populações de plantas daninhas no final dos períodos de convivência foram de Coronopus didymus, Amaranthus hybridus e Cyperus rotundus. Os cultivares Mercedes (2,90 kgm-2 e Granex 33 (2,64 kgm-2 foram os mais produtivos, independentemente da interferência das plantas daninhas. A convivência com as plantas daninhas durante os primeiros 98 dias reduziu a produtividade da cebola em 95% e o peso médio de bulbos em 91%. O período anterior à interferência (PAI foi de 42 dias, não havendo diferença entre os cultivares de cebola.This research was carried out to evaluate the effects of weed coexistence periods (0, 14, 28, 42, 56, 70, 84 and 98 days after transplanting on the productivity of four onion cultivars (Mercedez, Granex 33, Superex and Serrana. The experiment was installed in Jaboticabal - SP - Brazil, from April to October 2000, arranged in a randomized complete block design, with four replications, in a factorial design 4 x 8. The main weed populations at the end of the coexistence periods were Coronopus didymus, Amaranthus hybridus and Cyperus rotundus. The cultivars Mercedez (2.90 kg m-2 and Granex-33 (2.64 kg m-2 were the most productive, under the conditions of weed interference.Weed interference during the first 98 days reduced production weight around 95% and the average weight of bulbs was reduced by 91%. For all the cultivars, weed coexistence the during the first 42 days after transplanting did not reduce the total

  7. Estudo dos efluentes gerados no processo de beneficiamento de rochas ornamentais em Santo Antônio de Pádua/RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramiris Petrilho Silveira

    2016-12-01

    Full Text Available A região noroeste fluminense conta com um importante arranjo produtivo local no setor de beneficiamento de rochas ornamentais e de revestimento. Essa atividade é responsável por boa parte da renda local, empregando muitas pessoas. O principal produtor da região é o município de Santo Antônio de Pádua/RJ, que possui 154 empresas (78 pedreiras e 76 serrarias. A grande atividade de extração e beneficiamento das rochas vem causando na região problemas ambientais, pois durante as etapas de produção muito se perde devido a técnicas rudimentares e a deficiência no tratamento dos efluentes, o que acaba gerando impactos ao Rio Pomba, onde estes são lançados. O objetivo deste trabalho de pesquisa foi realizar um diagnóstico do uso da água no processo produtivo e a partir daí avaliar as diferentes alternativas para se ter um consumo otimizado e um tratamento dos efluentes a fim de minimizar os danos ambientais. Foram realizados alguns estudos de casos de caráter exploratório, pesquisas bibliográficas, entrevistas com proprietários, funcionários e profissionais ligadas ao setor de rochas e visitas técnicas a empresas da região. Os resultados apontam para uma falta de preparo e conhecimento técnico dos empresários e funcionários ao uso de novas tecnologias aliadas às questões ambientais no que se refere ao tratamento e consumo de água, principalmente para as pequenas empresas.

  8. Cimicifuga racemosa L., Trifolium pratense L. e Vitex agnus-castus L.: a correspondência das indicações contida nas bulas dos fitoterápicos e o respaldo científico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. C. Lopes

    2009-01-01

    Full Text Available

    É cada vez maior o número de mulheres que utilizam fitoterápicos como terapia alternativa para a menopausa, entretanto, na maioria das vezes esses produtos não possuem um mecanismo de ação conhecido, tão pouco eficácia clinica comprovada. O presente estudo objetiva avaliar a correspondência das indicações clínicas e os achados científicos de três produtos fitoterápicos de elevado índice de vendas na região de Piracicaba, destinados ao alívio dos sintomas da menopausa. Para isso foi realizado um levantamento dos fitoterápicos com maior venda numa farmácia pertencente a uma grande rede e listadas as plantas medicinais que compunham esses medicamentos. Posteriormente, verificou-se no Dicionário de Especialidades Farmacêuticas (DEF 2004/05 todos fitoterápicos que tinham em sua composição pelo menos uma das três plantas medicinais selecionadas (Cimicifuga racemosa L., Trifolium pratense L. e Vitex agnus-castus L. e feito um levantamento de como estavam registrados na ANVISA. Para análise da segurança do uso e eficácia dessas plantas medicinais fez-se uma busca em bases de dados científicos MEDLINE procurando trabalhos pré-clínicos de toxicidade e clínicos controlados randomizados que comprovassem a indicação terapêutica da planta. Dentre os resultados encontrados obteve-se que nenhum trabalho sobre toxicidade referia-se a segurança do uso da planta. Quanto a eficácia, das sete indicações propostas pelo fabricante do medicamento que contém a Cimicifuga racemosa L., somente uma das indicações se confirmava em estudo publicado; das nove indicações descritas na bula da Vitex agnus-castus L., duas se confirmavam através de pesquisas realizadas; e, das sete listadas para a Trifolium pratense L., uma foi comprovada. Palavras-chave: menopausa; medicamentos fitoterápicos; plantas medicinais

  9. SOBREVIVÊNCIA E VIGOR VEGETATIVO DE PLANTAS DE ERVA-MATE (Ilex paraguariensis A. St.- Hil. ENXERTADAS DIRETAMENTE A CAMPO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Martin Domingos

    2006-01-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar a sobrevivência e o vigor vegetativo de material genético adulto selecionado de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hill enxertado diretamente a campo. A enxertia foi realizada em plantas de aproximadamente 3 anos de idade, sendo o material vegetativo enxertado coletado do terço inferior ou próximo da base de duas árvores selecionadas com a idade estimada em torno de 70 anos. O método de enxertia utilizado foi o de garfagem em fenda cheia, onde foram enxertadas 48 plantas com material de cada uma das duas matrizes. Os dados de sobrevivência foram obtidos aos 60 e 90 dias após a enxertia, e de crescimento (quantidade e comprimento total de brotos por enxerto vivo aos 90 e 120 dias da enxertia. Pôde-se concluir sobre a enxertia da erva-mate realizada diretamente a campo que: é viável tecnicamente, havendo um decréscimo na sobrevivência das plantas enxertadas em função do número de dias após a enxertia; as matrizes utilizadas apresentaram comportamentos distintos na porcentagem de sobrevivência e; os enxertos sobreviventes demonstraram um bom vigor de crescimento.

  10. CONTROLE EM PÓS-EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS POR HERBICIDAS UTILIZADOS NA CULTURA DA CANA-DE-AÇÚCAR

    OpenAIRE

    SILVA, PAULO VINICIUS DA; MONQUERO, PATRÍCIA ANDREA; MUNHOZ, WILLIAM SANCHES

    2015-01-01

    RESUMO: A implantação do sistema de colheita mecanizada de cana-de-açúcar resultou em alterações no sistema produtivo, dentre elas a modificação da flora infestante, haja vista a promoção do surgimento de espécies de plantas daninhas que antes não eram recorrentes nos canaviais. Diante do exposto, o presente trabalho teve como objetivo determinar curvas de dose resposta dos herbicidas amicarbazone, saflufenacil, mesotrione e sulfentrazone em pós-emergência no controle das plantas daninhas Mer...

  11. Interferência de plantas daninhas no cultivo da melancia Weeds interference periods in watermelon crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Daniel de G Maciel

    2008-03-01

    Full Text Available A cultura da melancia é uma atividade explorada regionalmente, sendo uma das mais importantes fontes de renda familiar de pequenos municípios do médio Paranapanema, onde mudanças significativas no processo produtivo são atualmente constatadas, passando de mão-de-obra intensiva para uso de tecnologias promissoras, como é o caso do manejo de plantas daninhas. Um experimento foi conduzido no município de Oscar Bressani (SP, em área de produção comercial, com objetivo de estudar a interferência de plantas daninhas, no cultivo da melancia, na safra 2002/2003. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso com dez tratamentos e quatro repetições, representadas por parcelas com área útil de 18 m², contendo quatro plantas de melancia e infestação prevalecente das espécies Sidaspp, Brachiaria humidicola, Commelina benghalensise Portulaca oleracea. A infestação das plantas daninhas foi estimada através de amostragens aleatórias das parcelas utilizando-se quadro vazado de ferro com 0,5 m de lado. Os tratamentos constaram de testemunhas capinadas e sem capina e diferentes épocas de controle da infestação, de forma que a cultura foi mantida na presença ou ausência das plantas daninhas até 7; 14; 28; 56 e 63 dias após a sua emergência (DAE. A ocorrência do período inicial de convivência possível maior que o período final estabeleceu o Período Crítico de Prevenção da Interferência do 9º ao 13º dias (PCPI= 9-13 DAE. A redução média da produtividade em função da interferência das plantas daninhas durante todo o ciclo da melancia foi de 41,4%. As características diâmetro e espessura da casca dos frutos também foram influenciadas pela convivência com a infestação durante todo o ciclo com decréscimos, de 7,9% e 23,3%, respectivamente, em média, ao contrário do comprimento e diâmetro de ramas e do ºBrix da polpa dos frutos, onde não foram constatadas diferenças significativas.Water melon

  12. Efeito de períodos de controle de plantas daninhas sobre o desenvolvimento inicial de plantas de eucalipto Effects of weed control periods on initial growth and development of eucalypt

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.E.B. Toledo

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos dos períodos de convivência e de controle de Brachiaria decumbens sobre o desenvolvimento inicial de clones de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla. Para isso, um ensaio foi conduzido, no município de Três Lagoas-MS, no período de janeiro a dezembro de 1997. Os tratamentos experimentais consistiram de diferentes épocas e períodos de convivência das plantas daninhas na cultura do eucalipto. As épocas foram divididas em dois grupos. No primeiro, a convivência se iniciava no transplante das mudas e era estendida até 28, 56, 84, 112, 140, 168, 224, 252 e 364 dias após. No segundo grupo, a convivência se iniciava aos 0, 28, 56, 84, 112, 140, 168, 224 e 252 dias após o transplante e era estendida até o final de um ano. As principais plantas daninhas que ocorreram na área experimental foram Brachiaria decumbens e Spermacocea latifola. As plantas jovens de eucalipto foram bastante suscetíveis à interferência das plantas daninhas, apresentando um período anterior à interferência inferior a 14-28 dias. Para assegurar o desenvolvimento da cultura, o período total de prevenção à interferência foi de 140 dias, e o período crítico de prevenção à interferência, de 14-28 a 140 dias após o transplante, considerando o índice de 5% de redução em diâmetro.A field trial was carried out in Três Lagoas-MS, Brazil, from January to December of 1997, to study the effects of control and coexistence period of Brachiaria decumbens on the growth of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla clones. The experimental design was a complete randomized block design, with four replications. The treatments consisted of different periods of weed-eucalypt association. The periods were divided in two groups. In the first one, the weed-eucalypt coexistence initiated during the eucalypt transplanting, continuing up to 28, 56, 112, 140, 168, 224, 252 and 364 days after it. In the second group, the

  13. Plantas transgênicas resistentes a insetos e organismos não-alvo: predadores, parasitóides e polinizadores - doi: 10.5102/ucs.v4i1.23

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Regina Frizzas

    2008-04-01

    Full Text Available Plantas geneticamente modificadas resistentes aos insetos oferecem benefícios à agricultura moderna. No entanto, esta tecnologia pode afetar o controle biológico natural e a biodiversidade por meio de efeitos diretos e indiretos das plantas transgênicas sobre o valor adaptativo e comportamental de predadores, parasitóides, polinizadores e outros artrópodes não-alvo. Neste artigo, são discutidos os impactos ou os efeitos potenciais de plantas transgênicas resistentes a insetos sobre organismos não-alvo, com ênfase em artrópodes predadores, parasitóides e polinizadores, e os principais estudos com plantas transgênicas resistentes a insetos, publicados nos últimos dez anos.

  14. Crescimento de plantas de cajueiro anão precoce influenciado pela compactação e temperatura do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. K. B. Oliveira

    2003-02-01

    Full Text Available Atribui-se ao uso de práticas culturais inadequadas uma das causas da redução drástica dos níveis de produtividade e produção da cultura do caju no nordeste brasileiro. A eliminação periódica da cobertura vegetal e o tráfego de máquinas e implementos condicionam temperaturas e densidade de solo que podem comprometer o crescimento e desenvolvimento das plantas, o que é mais preocupante ainda, considerando a textura arenosa dos solos cultivados e as condições climáticas da região. A partir destas constatações, desenvolveu-se o presente trabalho, com vistas em fornecer indicativos capazes de permitir uma avaliação dos efeitos das condições de solo e clima, objetivando identificar o comportamento de plantas de cajueiro anão precoce, submetidas a diferentes níveis de compactação e temperatura de solo, como meio de testar a hipótese de que níveis crescentes destes fatores podem reduzir seu crescimento. O presente trabalho foi desenvolvido em condições controladas, utilizando colunas de solo em tubos de PVC, nas quais se adicionou o Argissolo Vermelho-Amarelo eutrófico típico. Submeteram-se estas colunas a dois níveis de temperatura do solo, um com as colunas de solo isoladas com folhas de isopor pintadas na cor alumínio (tratamento isolado-TI, e o outro, com colunas não isoladas, mas com os tubos de PVC pintados na cor preta, para maior absorção de luz (tratamento não isolado-TNI. Os níveis de densidade a que foram ajustadas as camadas compactadas da coluna de solo foram 1,2; 1,3; 1,4; 1,5; 1,6 e 1,7 Mg m-3, sendo o restante da coluna a 1,3 Mg m-3. Os tratamentos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com arranjo fatorial 6 x 2 (seis níveis de compactação e dois níveis de temperatura, com três repetições. Após o período de 12 meses de cultivo das plantas, a parte aérea foi colhida, determinando-se matéria seca da parte aérea, altura da planta, diâmetro do caule e número de

  15. Persistência de plantas medicinais em sistemas agroflorestais no município de São Bento do Sul, SC, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.L. Hanisch

    2013-01-01

    Full Text Available No final da década de 90, a comunidade de Rio Natal, no município de São Bento do Sul, SC, passou a fazer parte de uma Área de Preservação Ambiental e desde então, muitas áreas de cultivo, paulatinamente, estão retomando o processo de formação florestal. Neste cenário, foi sugerido pela comunidade, a possibilidade de cultivo de plantas medicinais adaptadas às condições de sombreamento. Em atendimento a essa demanda foi realizada uma pesquisa participativa na comunidade, de 2005 a 2008, onde foram avaliadas 14 espécies de plantas medicinais com potencial de mercado, cultivadas em áreas sombreadas, em três propriedades familiares. Foram avaliados: taxa de sobrevivência das espécies, incidência de doenças e pragas, teor de massa seca e altura das plantas. Apresentaram persistência ao cultivo em áreas sombreadas as espécies: Curcuma longa L. (açafrão-da-índia; Arctium lappa L. (bardana; Pfaffia glomerata (Spreng Pedersen (fáfia ou ginseng-brasileiro; Mikania glomerata Sprengel (guaco; Alternanthera brasiliana L. Kuntze (penicilina; Pogostemon cablin (Blanco Benth (patchuli e Maytenus ilicifolia Mart. Ex Reissek (espinheira-santa.

  16. Competição de plantas daninhas com a cultura do café em duas épocas de infestação Competition of weeds with coffee plants, in two times of infestation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M.T. Fialho

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a interferência de plantas daninhas instaladas aos 60 e aos 180 dias após o transplantio de plantas de café em vasos contendo 25 dm³ de substrato. O experimento foi instalado no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial (2 x 4 x 2, com duas espécies de plantas daninhas (Brachiaria decumbens e Brachiaria plantaginea, cultivadas por 90 dias, em quatro densidades (zero, dois, quatro e seis plantas por vaso, juntamente com mudas de café de diferentes idades: 60 e 180 dias após transplantio. Na colheita do experimento foram avaliados o incremento na altura, na área foliar e no diâmetro do coleto do café, a matéria seca de plantas daninhas e do café e a densidade radicular do café. Estimaram-se, ainda, a razão de massa foliar, a razão de massa caulinar, a razão de massa radicular, a razão de área foliar e a razão sistema radicular/parte aérea das plantas de café. As plantas daninhas proporcionaram interferência negativa nas características avaliadas. Verificou-se menor incremento em altura, área foliar e matéria seca total das plantas de café com o aumento da densidade das plantas daninhas. O efeito da interferência das plantas daninhas foi maior quando a interferência se instalou aos 60 dias após o transplantio. Nesse caso, houve menor acúmulo das variáveis de crescimento, porém as duas gramíneas comportaram-se de forma similar, não diferindo para a maioria das variáveis. As plantas de café foram mais sensíveis à competição com B. plantaginea em relação a B. decumbens quando a competição se instalou aos 180 dias após o transplantio. O aumento da densidade de plantas daninhas promoveu maior alocação de fotoassimilados para a parte aérea em detrimento do sistema radicular do café.The aimed of this work was to evaluate the weed interference installed at 60 and 180 days after coffee seedlings transplanted in pots contend 25 dm

  17. Efeito embriotóxico, teratogênico e abortivo de plantas medicinais Embryotoxic, teratogenic and abortive effects of medicinal plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H.G. Rodrigues

    2011-01-01

    Full Text Available O uso milenar de plantas medicinais mostrou ao longo dos anos, que determinadas plantas apresentam substâncias potencialmente perigosas. Do ponto de vista científico, algumas pesquisas mostraram que muitas dessas plantas possuem substâncias agressivas e por essa razão devem ser utilizadas com cuidado, respeitando seus riscos toxicológicos. Os efeitos mais preocupantes do uso indiscriminado de plantas medicinais são embriotóxico, teratogênico e abortivo, uma vez, que os constituintes da planta podem atravessar a placenta, chegar ao feto e gerar um desses efeitos. Este estudo objetiva fornecer uma listagem das principais plantas medicinais que tenham efeitos embriotóxicos, teratogênicos e abortivos comprovados, conhecendo as partes da planta utilizadas e seus respectivos nomes científicos, com a finalidade de alertar gestantes quanto aos riscos de seu uso. Realizou-se buscas nas bases eletrônicas de dados SciELO, PubMed, MEDLINE, LILACS, CAPES e Google acadêmico. Nos resultados encontrados, plantas como Arnica (Arnica montana, Artemísia (Artemisia vulgaris, Arruda (Ruta chalepensis/ Ruta graveolens, Barbatimão (Stryphnodendron polyphyllum, Boldo (Vernonia condensata dentre outras, podem vir a gerar um desses efeitos. A partir deste estudo comprova-se que para a maioria das plantas medicinais não há dados a respeito da segurança de seu uso durante a gravidez.The ancient use of medicinal plants has shown over the years that certain plants have potentially dangerous substances. From a scientific point of view, some studies have shown that many of these plants contain aggressive substances and therefore should be used with caution, respecting their toxicological risks. The most important effects of the indiscriminate use of medicinal plants are embryotoxic, teratogenic and abortifacient since the plant constituents can cross the placenta, reaching the fetus and leading to one of these effects. This study aimed to provide a list of

  18. Riqueza e densidade de aves que nidificam em cavidades em plantações abandonadas de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo de Siqueira Pereira

    2015-05-01

    Full Text Available Monoculturas de árvores, como as de espécies de eucalipto, têm substituído florestas naturais, impactando a fauna pela perda de habitat e recursos. Diversas espécies de aves necessitam de ocos em árvores para nidificar. A falta de recursos como cavidades formadas pela degradação da árvore ou locais apropriados para serem criadas cavidades leva a diminuição na abundância das populações destas espécies. Este trabalho tem o objetivo de comparar a riqueza e a densidade de aves que nidificam em ocos em áreas de plantação de eucalipto abandonadas com áreas de vegetação nativa em duas unidades de conservação em Minas Gerais. Em cada tipo de vegetação de cada reserva foram estabelecidos 25 pontos, nas quais foi utilizado o método de contagem por remoção para o levantamento das espécies de aves. A riqueza de espécies de aves de cada área foi estimada por Jackniffe e a densidade foi estimada através do método de máxima verossimilhança; modelos candidatos que poderiam influenciar a abundância das aves foram avaliados utilizando-se o Critério de Informação Akaike (AIC. Os resultados mostraram que a riqueza de espécies foi maior nas áreas de florestas nativas e que a densidade foi significantemente mais alta nas áreas de florestas nativas, e que o tipo de vegetação e a hora do dia influenciam na abundância e detecção das aves. Esses resultados indicam que as plantações de eucaliptos influenciam negativamente a comunidade de aves que nidificam em ocos, provavelmente por causa da falta de cavidades ou de sub-bosque. Plantações de eucaliptos normalmente não substituem as florestas nativas e seu uso deve ser controlado em áreas de conservação.

  19. Interações entre Protodiscelis (Colletidae, Neopasiphaeinae) e plantas aquáticas e a importância de odores florais na atração de polinizadores.

    OpenAIRE

    Carvalho, Airton Torres

    2012-01-01

    Abelhas são os principais polinizadores das plantas com flores. Plantas são sésseis e a reprodução sexuada cruzada somente ocorre através de vetores de pólen. Sendo assim, flores zoofílicas provêm pistas para o encontro interespecífico, são polinizadas e fornecem recursos florais aos polinizadores. O principal recurso coletado por abelhas herbívoros Apiformes é pólen, o principal alimento larval. Para as plantas, entretanto, existe um balanço entre recurso fornecido e quantidade de grão...

  20. Bioensayo de toxicidad aguda con plantas nativas para evaluar un derrame de petróleo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivien Pentreath

    2015-06-01

    Full Text Available Los bioensayos con plantas constituyen una excelente herramienta en la evaluación del riesgo ambiental y, en particular, la utilización de semillas de plantas vasculares es recomendada debido a su mayor sensibilidad. El objetivo del presente trabajo fue evaluar el comportamiento de plantas nativas para ser utilizadas como indicador biológico de contaminación ambiental con petróleo en relación con un bioindicador estandarizado. Se analizó el Índice de Germinación (IG de Lactuca sativa L., Atriplex lampa (Moq. D.Dietri. y Prosopis denudans Benth. en treinta muestras de suelo extraídas de un yacimiento petrolero a fin de detectar efectos fitotóxicos. El IG es un método económico, rápido y reproducible para determinar toxicidad de suelo, ayudando a caracterizar áreas con suelos contaminados. La germinación de Atriplex lampa (Moq. D.Dietri. y Prosopis denudans resultó más resistente en los suelos contaminados de un yacimiento petrolero que el bioindicador de referencia utilizado (Lactuca sativa L..

  1. Avanços na pesquisa com plantas forrageiras tropicais em pastagens: características morfofisiológicas e manejo do pastejo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sila Carneiro da Silva

    2007-07-01

    Full Text Available O manejo do pastejo tem sido uma preocupação constante da pesquisa com plantas forrageiras no Brasil há muitos anos. No entanto, foi durante a última década que ocorreram grandes mudanças e um avanço significativo na compreensão de fatos e processos determinantes da correta utilização das plantas forrageiras tropicais em pastagens. O presente texto tem por objetivo traçar um breve histórico da pesquisa com plantas forrageiras e pastagens no país, apontando sua evolução, tendências, resultados e épocas de transição. Isso colocará o conhecimento disponível em perspectiva e servirá de base para a discussão da importância e relevância dos estudos envolvendo avaliações das características morfofisiológicas das plantas forrageiras para fins de planejamento e definição de estratégias de manejo do pastejo. As informações são apresentadas de maneira sistematizada, favorecendo uma visão integrada das diferentes tendências e concepções filosóficas da pesquisa com plantas forrageiras no país, apontando, de maneira crítica, a necessidade de revisão e mudança de paradigmas como forma de promover a melhoria, aperfeiçoamento e o crescimento do conhecimento acerca da produção animal em pastagens.Grazing management has been the focus of the research with forage plants in Brazil for many years. However, it was during the last decade that significant changes and advance occurred regarding the understanding of important factors and processes that determine adequate use of tropical forage plants in pastures. The objective of this text is to provide a brief history of the research on forage plants and grasslands in Brazil, highlighting its evolution, trends, results and transition phases. That will help to put things into perspective and provide the basis for discussing the importance and relevance of studies involving evaluations of morphophysiological traits and responses of forage plants towards planning and definition

  2. Controle de plantas daninhas na cultura da soja através do herbicida acetochlor em sistemas de semeadura direta e preparo convencional Weed control in soybean crop using the herbicide acetochlor under direct seeding and conventional system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.V.W. Ferri

    2002-08-01

    Full Text Available O manejo do solo altera a bioatividade dos herbicidas residuais e influi na persistência, na eficácia de controle das plantas daninhas e na fitotoxicidade para as culturas. Um experimento foi conduzido na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com objetivo de avaliar a eficácia de controle das plantas daninhas pelo herbicida acetochlor aplicado em solo Argissolo Vermelho sob semeadura direta e preparo convencional. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com quatro repetições em parcelas subsubdivididas. O acetochlor foi utilizado nas doses de 0, 1.680, 2.520, 3.360 e 4.200 g ha¹. Foi avaliado o controle das plantas daninhas aos 15, 30 e 45 dias após aplicação do acetochlor (DAT. Foram avaliados também a injúria na cultura da soja aos 14, 21 e 28 DAT e a matéria seca das plantas daninhas aos 40 e 60 DAT. O herbicida acetochlor foi mais eficiente no controle das plantas daninhas no solo sob preparo convencional que sob semeadura direta. A produção de matéria seca dessas plantas foi menor no preparo convencional comparado à semeadura direta. Não ocorreu injúria à cultura da soja.Soil management affects herbicide bioactivity and changes persistence, weed control and crop selectivity. An experiment was carried out at the Federal University of Rio Grande do Sul - Brazil, to evaluate the efficacy of the herbicide acetochlor in controling weeds in a Paleudult soil under direct seeding and conventional system. The following treatments were tested: acetochlor at 0, 1,680, 2,520, 3,360 and 4,200 g ha-1, applied under tillage and no-till systems. Assessments included crop injury at 14, 21 and 28 days after acetochlor aplication, weed dry matter at 40 and 60 days after herbicide aplication and weed control at 15, 30 and 45 days after acetochlor aplication. Acetochlor was more efficient under conventional than direct seeding system. Weed dry biomass was lower under conventional than direct

  3. MANEJO DA ÁGUA E UTILIZAÇÃO DE OXYFLUORFEN NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DO ARROZ IRRIGADO NO SISTEMA PRÉ-GERMINADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FURLANI JUNIOR ENES

    1997-01-01

    Full Text Available Realizou-se uma pesquisa no ano agrícola 1993/94, na Estação Experimental de Pindamonhangaba (SP, e cujos objetivos foram verificar a necessidade da troca da água no sistema de cultivo pré-germinado para arroz (Oryza sativa L. irrigado por inundação e o efeito de doses do herbicida Oxyfluorfen (240 g de ingrediente ativo por litro do produto comercial e momento de inundação da área, sobre o comportamento da cultura do arroz e reflexos sobre a comunidade de plantas daninhas presentes nas áreas experimentais. Utilizaram-se os tratamentos TI10 - testemunha inundada 10 dias após o preparo do solo, e TIPS - testemunha com solo inundado logo após o preparo do solo, comparadas com duas doses de Oxyfluorfen (1 e 2 L/ha do produto comercial e ao manejo com e sem troca da água tratada com herbicida. O uso da inundação logo após o preparo do solo e do herbicida ocasiona os melhores níveis de controle das plantas daninhas. A inundação logo após o preparo do solo propicia os melhores níveis de controle das plantas daninhas, quando comparado à inundação realizada 10 dias após. O Oxyfluorfen mostrou-se eficiente no controle das plantas daninhas, principalmente o capim-arroz (Echinochloa sp., no sistema com sementes pré-germinadas em arroz irrigado por inundação. Respeitando-se o período de carência para posterior semeadura e não ocorrendo baixa luminosidade durante esse tempo, não há necessidade de efetuar a troca da água onde foi aplicado o herbicida Oxyfluorfen.

  4. Interferência das plantas daninhas na cultura do amendoim das águas: efeitos de espaçamentos, variedades e períodos de convivência Weed interference in peanut: effects of row spacing, cultivars and weeding period

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagoberto Martins

    1994-01-01

    Full Text Available O presente experimento, conduzido em Jaboticabal, SP, em Latossolo Vermelho Escuro, textura média, teve por objetivo verificar a interferência de plantas daninhas sobre aspectos da produção do amendoim. O delineamento experimental adotado foi o de blocos casualizados, com três repetições, dispostos em esquema fatorial 2x2x8. Constituíram variáveis duas variedades (Tatu e Tatui, dois espaçamentos entre sulcos de semeadura (0,4 e 0,6 m e oito períodos de controle manual da comunidade infestante (sem controle e com controle até os 10, 20, 30, 40, 50, 60 dias e até o final do ciclo da cultura, a partir da emergência do amendoim. A principal planta daninha presente na área experimental foi Pennisetum setosum e, nos espaçamentos de 0,4 e 0,6 m foram necessários 10 e 30 dias de controle, respectivamente, para reduzir significativamente a sua biomassa seca. O número de vagens por planta foi o principal parâmetro produtivo afetado pela interferência da comunidade infestante. Os espaçamentos utilizados não afetaram singnificativemente o período total de prevenção da interferência das plantas daninhas na produtividade do amendoim. Verificou-se que tal período foi de 10 e 20 dias para a variedade Tatuí e Tatu, respectivamente.This study tested the effect of spacing between rows, cultivars and weeding periods on peanut yield. The trial was carried out in the Jaboticabal rcgion, São Paulo, Brazil, on Latossolo Vermelho Escuro soil, medium texture. The experimental was in a completely randomized block design with three replications. The treatments consisted of two peanut cultivars (Tatu and Tatuí, combined with two row spacing (0.4 and 0.6 m and eight weeding periods (no weeding, weeding until 10, 20,30, 40, 50, and 60 days after emergence and hand weeding throughout the crop cycle. The number of seeds per meter of row was equal within both spacings and cultivars; the rate of fertilizer applied was calculated per unit area

  5. Tamanho de amostra na parcela para caracterização da altura de plantas de algodoeiro herbáceo Gossypium hirsutum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas Joelson André de

    2001-01-01

    Full Text Available Dados da altura individual de dez plantas, obtidos de dez experimentos instalados em blocos casualizados com quatro repetições e quatro cultivares de algodoeiro herbáceo, foram estudados, para determinação do número mínimo de plantas/parcela, necessárias para caracterização da altura média de plantas de algodoeiro herbáceo. Foram estudados cinco tamanhos de amostra na parcela, cada uma, contendo 2, 4, 6, 8 e 10 plantas. Os coeficientes de variação experimental e amostral e as significâncias observadas nas análises de variâncias, indicaram que parcelas contendo seis ou mais plantas, permitiram boa caracterização do porte médio das variedades de algodoeiro testadas. Os resultados sugerem, portanto que, no processo de caracterização da altura média do algodoeiro herbáceo, a avaliação pode ser mais rápida, além de haver uma redução na mão-de-obra de coleta e manuseio dos dados, em decorrência de uma diminuição do número de plantas amostradas na parcela.

  6. Períodos de interferência das plantas daninhas em algodoeiro de fibra colorida 'BRS Safira' Weeds interference periods in naturally colored cotton 'BRS Safira'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gleibson Dionízio Cardoso

    2010-09-01

    Full Text Available Objetivou-se com esse trabalho, identificar os períodos de interferência das plantas daninhas no algodoeiro de fibra colorida (BRS Safira, bem como avaliar a comunidade infestante nesta cultura. O experimento foi realizado no município de Missão Velha, CE, região do Cariri, na safra 2007/2008. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições, em esquema fatorial 2 x 5, sendo os fatores: modalidades de competição (com e sem competição de plantas daninhas e período de interferência das plantas daninhas. A comunidade infestante foi avaliada por meio de dois índices fitossociológicos (Dominância relativa e Importância relativa. Os períodos iniciais de controle ou de convivência após a emergência da cultura foram 0-20; 0-40; 0-60; 0-80 dias após a emergência (DAE e 0-colheita. Os períodos de interferência foram determinados considerando-se perdas na produtividade de 2; 5 e 10%; realizando-se análise de regressão pelo modelo sigmoidal de Boltzman, utilizando-se os dados de produtividade para cada modalidade de competição. Dentre as 21 espécies observadas na comunidade infestante, destacaram-se: Richardia grandiflora, Amaranthus deflexus, Eleusine indica, Merremia aegyptia, Eragrotis pilosa, Cenchrus echinatus e Waltheria indica. Os períodos críticos anteriores à interferência foram, respectivamente, 8; 14 e 20 DAE, para perdas na produtividade de 2; 5 e 10%; e os períodos críticos de prevenção a interferências, foram, respectivamente, 100; 82 e 60 dias.This study aimed to determine the late-season presence of weeds in reddish brown cotton (cultivar BRS Safira and the critical times for removing weeds. The experiment was carried out in the area of Embrapa in Missão Velha-CE, Brazil, located at 7º42'07" S latitude and 39º24'18" WGr. longitude, during the 2007/2008 season. The treatments consisted of two control groups: weed-free crop during the initial period after crop emergency

  7. Caracterização farmacognóstica das folhas e sementes de Albizia lebbeck (L. Benth. (Fabaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia G. Miranda

    Full Text Available Albizia lebbeck (L. Benth. é popularmente conhecida no Brasil por coração-de-negro. É uma espécie aclimatada nesse país. As sementes dessa espécie são utilizadas no tratamento de diarréia, disenteria e hemorróidas e as folhas, no tratamento de úlceras e nas conjuntivites alérgicas. Este trabalho foi realizado com a finalidade de determinar as características macroscópicas e microscópicas das folhas e sementes dessa planta, uma vez que estas são as partes usadas popularmente. Algumas características de valor na sua diagnose foram apontadas e ilustradas por fotomicrografias. Reações de fitoquímica e a determinação do conteúdo de água e de cinzas foram realizadas no pó das folhas e sementes de A. lebbeck. Saponinas, alcalóides e cumarinas foram detectados nas folhas e sementes; flavonóides foram também identificados nas folhas. O teor de umidade foi 6,78% e 7,91%, respectivamente, para o pó das folhas e sementes. Os valores de cinzas totais e cinzas insolúveis em ácido foram 9,60% e 0,62% para as folhas e 4,13% e 0,21% para as sementes. Os dados obtidos são importantes para o controle de qualidade dessa planta medicinal. O extrato bruto da planta não apresentou atividade antibacteriana.

  8. AVALIAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS NO COMBATE A MASTITE BOVINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samoel Alexandre Fonseca Dantas

    2010-01-01

    Full Text Available Mastite é a inflamação da glândula mamária da vaca, sendo infecto-contagiosa que mais se propaga nos rebanhos e geralmente causando grandes prejuízos a indústria de laticínios, pode ser provocada por cerca de 130 agentes envolvidos, dentre eles, bactérias, vírus, algas e fungos. As bactérias são os agentes de maior importância como causa da doença. Por esta razão o IFRN aprovou o projeto para avaliação de qual o melhor tratamento com plantas medicinais nativas a ser utilizada na cura da mastite. O enfoque do resultado do projeto estaria direcionado para o diagnóstico e cura da doença na criação de rebanhos leiteiros de pequenos produtores do Vale do Assu. Para a realização desse diagnóstico e investigação sobre planta medicinal a ser utilizado nas vacas acometidas pela mastite, serão realizados exames de antibiograma para investigar a susceptibilidade da bactéria a determinadas plantas. Nos resultados preliminares, realizados em laboratório, foi identificado que a casca do caule do cajueiro roxo (Anacardium occidentale L tem ação antibiótica e a flor da catingueira (Caesalpinia pyramidalis inibe a proliferação das bactérias existentes no leite de vacas infectadas com mastite sub-clínica. Desta maneira, sugere-se a possibilidade do uso deste vegetal no combate e cura a esta doença. PALAVRAS-CHAVE: Mastite, Antibiograma, Plantas medicinais.

  9. Tendências da literatura científica sobre genética de populações de plantas do Cerrado

    OpenAIRE

    Souza,Ueric José Borges de; Telles,Mariana Pires de Campos; Diniz-Filho,José Alexandre Felizola

    2016-01-01

    RESUMO O Cerrado é considerado um dos "hotspots" mundiais de biodiversidade, em função da grande extensão de vegetação natural que vem sendo continuamente perdida e do elevado número de espécies endêmicas de plantas, que muitas vezes têm sido listadas como prioridades em programas de conservação e para estudos de genética de populações. A fim de verificar tendências nos estudos de genética de populações das espécies de plantas deste bioma, uma avaliação cienciométrica dos artigos publicados e...

  10. Produção de biomassa e óleo essencial de elixir-paregórico em função do corte das inflorescências e épocas de colheita Biomass and essential oil production of Ocimum selloi as affected by cutting of inflorescences and harvest times

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa CB Costa

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a produção de biomassa e óleo essencial de plantas de elixir-paregórico (Ocimum selloi, em função do corte das inflorescências e épocas de colheita. O experimento foi realizado em campo, em blocos ao acaso, com os tratamentos dispostos em fatorial 2 x 8, sendo dois sistemas de manejo (com e sem corte de inflorescências e oito épocas de colheita (45; 60; 75; 90; 105; 120; 135 e 150 dias após o transplante das mudas, com quatro repetições. Avaliaram-se as características altura de planta, massa seca de caule (MSC, folhas (MSF e inflorescências (MSI e teor e rendimento de óleo essencial destilado de folhas. O corte das inflorescências não afetou a altura das plantas. Plantas intactas apresentaram uma média de altura de 51,8 cm, enquanto aquelas que tiveram suas inflorescências cortadas atingiram em média 53,2 cm de altura. O crescimento das plantas apresentou resposta quadrática em relação às épocas de colheita, com a altura máxima estimada de 65,9 cm, 139 dias após o transplante (DAT. As plantas cujas inflorescências foram cortadas produziram maior MSC (51,8 g planta-1 e MSF (27,9 g planta-1, em relação às plantas sem corte (MSC = 42,4; MSF = 21,3 g planta-1 e, assim como MSI, apresentaram ajuste quadrático para os dois sistemas de manejo, ao longo das épocas de colheita. O teor de óleo essencial das folhas não foi afetado pelo sistema de manejo, mas apresentou resposta quadrática às épocas de colheita. Entretanto, o rendimento médio de óleo essencial das folhas das plantas cuja inflorescência foi cortada foi significativamente maior (1,60 g planta-1 do que nas plantas que não sofreram o corte (1,18 g planta-1. Para as plantas que tiveram as suas inflorescências cortadas, o rendimento de óleo máximo estimado foi de 2,36 g planta-1, obtido 135 DAT, enquanto nas plantas que não foram cortadas o rendimento de óleo máximo estimado foi de 1,65 g planta-1, obtido 114 DAP.Biomass and essential

  11. EFECTO DE LA BIOFERTILIZACIÓN SOBRE EL CRECIMIENTO EN MACETA DE PLANTAS DE CAÑA DE AZÚCAR (Saccharum officinarum EFEITO DA BIOFERTILIZAÇÃO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS EM VASOS açúcar de cana (Saccharum officinarum EFFECT OF BIOFERTILIZATION ON THE GROWTH OF POTTED SUGARCANE PLANTS (Saccharum officinarum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LILIANA SERNA-COCK

    2011-12-01

    Full Text Available El uso de microorganismos como fertilizante, ha demostrado tener efectos benéficos sobre el crecimiento de plantas y son una alternativa al uso de fertilizantes guímicos, sin embargo, cada microorganismo difiere en sus efectos benéficos. En este trabajo se evaluó el efecto de la aplicación de microorganismos fertilizantes, Azospirillum brasilense, Azotobacter chroccocum y Trichoderma lignorum sobre el crecimiento en maceta de plantas de caña de azúcar variedad CC 934418. El crecimiento de las plantas se midió en términos de diámetro del tallo, longitud de tallo y raíces, y número de hojas y raíces a los 15, 30 y 45 días de la siembra. El crecimiento de las plantas mostró diferencias estadísticamente significativas entre los tratamientos. Los microorganismos fertilizantes mostraron efecto positivo sobre el crecimiento de plantas de caña de azúcar, siendo Azospirillum brasilense y Trichoderma lignorum los microorganismos gue ejercieron mayor efecto sobre el diámetro del tallo y los sistemas radical y foliar de la planta. Se observaron los efectos beneficiosos de Trichoderma lignorum sobre el crecimiento de la hoja. Este es un nuevo aporte científico, ya que esta especie no ha sido reportada como promotora de crecimiento vegetal.0 uso de microrganismos como fertilizante, tem sido demonstrado gue têm efeitos benéficos no crescimento das plantas e são considerados uma alternativa ao uso de fertilizantes guímicos, no entanto, cada microrganismo possui diferentes efeitos benéficos. Neste estudo foi avaliado o efeito da aplicação de microorganismos fertilizantes, Azospirillum brasilense, Azotobacter chroccocum e Trichoderma lignorum no crescimento de cana-de-açucar da variedade CC 934418 plantadas em vasos. 0 crescimento das plantas foi medido em termos do diâmetro do caule, comprimento de caule e da raiz e número de folhas e raízes nos dias 15, 30 e 45 após a semeadura. 0 crescimento da planta mostrou diferen

  12. Impact of a gall midge Parkiamyia paraensis (Diptera, Cecidomyiidae on the Amazonian plant Parkia pendula (Fabaceae Impacto do galhador Parkiamyia paraensis (Diptera, Cecidomyiidae sobre a planta da Amazônia Parkia pendula Benth. ex Walp. (Fabaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Wilson Fernandes

    2007-12-01

    Full Text Available We observed the occurrence of large numbers of galls induced by Parkiamyia paraensis (Diptera, Cecidomyiidae on the leaflets of Parkia pendula (Fabaceae in northern Para, Brazil. We addressed two questions in this study: i what is the proportion of attacked plants in the field, and nursery conditions?; and ii what is the impact of galls on the host plant? An average of 86% of the plants were galled in the field. Galled P. pendula were distinct from healthy individuals due to their prostrated architecture and death of terminal shoots. Approximately 50% of the total available leaves and 35% leaflets were attacked by P. paraensis on saplings under nursery conditions. Each one-year old plant supported an average of 1,300 galls, and an average of 60g allocated to galled tissue. Otherwise, attacked individuals were taller and heavier than healthy plants. Attacked plants weighed five times more than healthy plants. When the weight of the galls was removed, the total weight (aerial part without galls of attacked plants was drastically reduced, indicating that most of the biomass of attacked plants was due to the attack by P. paraensis galls. Although the data indicate a paradox, as young plants attacked by the galling herbivore appear to develop more vigorously than unattacked plants, we suggest that P. paraensis negatively affect P. pendula development.Observou-se a ocorrência de um grande número de galhas induzidas por Parkiamyia paraensis (Diptera, Cecidomyiidae nos folíolos de Parkia pendula (Fabaceae no norte do Pará, Brasil. Este estudo foi direcionado para responder duas perguntas: i qual é a proporção de plantas atacadas no campo e em condições de estufa? e ii qual é o impacto das galhas na planta hospedeira? Uma média de 86% das plantas apresentaram galhas no campo. Indivíduos com galhas de P. pendula eram distintos dos indivíduos saudáveis devido à arquitetura curvada e pela morte dos ramos terminais. Aproximadamente 50% do

  13. Silício alterando compostos derivados da pirólise de bainhas foliares de plantas de arroz infectadas por Rhizoctonia solani Silicon altering compounds derived from the pyrolyses of leaf sheaths of rice plants infected with Rhizoctonia solani

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Schurt

    2013-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo elucidar, por meio da pirólise analítica acoplada à cromatografia gasosa e espectrometria de massa, alterações na composição química da lignina nas bainhas de plantas de arroz das cultivares BR-Irga 409 e Labelle supridas ou não com silício (Si e infectadas por Rhizoctonia solani. A concentração de Si nas bainhas das plantas supridas com esse elemento foi significativamente maior (2,7 dag kg-1 em comparação com as plantas não supridas (0,45 dag kg-1. Na presença de Si, a área abaixo da curva do progresso da queima das bainhas foi significativamente reduzida em 19 e 25%, respectivamente, para as plantas das cultivares BR-Irga-409 e Labelle em relação à ausência desse elemento na solução nutritiva. Com base nos espectros de massas obtidos, foram identificados 33 compostos, dos quais 10 foram produtos da degradação de carboidratos e 23 derivados da lignina. Dentre os derivados da lignina, oito compostos eram do tipo p-hidroxifenila, 11 compostos do tipo guaiacila e quatro compostos do tipo siringila. Nas bainhas das plantas das duas cultivares de arroz, supridas ou não com Si, a concentração de lignina (p-hidroxifenila, siringila (S e guaiacila (G foi de, aproximadamente, 15%. Houve aumento na relação S/G apenas nas bainhas das plantas da cultivar BR-Irga 409 supridas com Si e infectadas por R. solani. A maior concentração de Si nas bainhas das plantas de arroz das duas cultivares, que por sua vez resultou em aumento na relação S/G, contribuiu para reduzir os sintomas da queima das bainhas.This study elucidated, through analytical pyrolysis coupled to gas chromatography and mass spectrometry, changes in the chemical composition of lignin on leaf sheaths of rice plants of cultivars BR-Irga 409 and Labelle supplied or non-supplied with silicon (Si and infected with Rhizoctonia solani. The Si concentration on leaf sheaths of plants supplied with this element was significatively higher

  14. USO POPULAR DE PLANTAS MEDICINAIS PELAS COMUNIDADES DE TRÊS LAGOAS/MS, PORTO VELHO/RO E RIO VERDE/GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Maria Eugênia PINTO, Leonice Manrique Faustino TRESVENZOL, Rosangela Romano Lopes JOHN, Euclenia Oliveira ALVES, José Realino de PAULA, Tatiana de Sousa FIUZA

    2013-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos conhecer o perfil sociocultural dos usuários e verificar o conhecimento sobre plantas medicinais de pessoas atendidas em programas assistenciais nas cidades de TrêsLagoas/MS, Rio Verde/GO e Porto Velho/RO. As informações foram obtidas através de entrevistas orientadas por um questionário; as cinco plantas mais citadas foram selecionadas para levantamento bibliográfico. Foram entrevistadas 67 pessoas, a maioria (88% do sexo feminino e idade entre 35 a 64 anos. Quanto ao grau de instrução, 89,5% afirmaram serem alfabetizados; 73,1% relataram terem vindo da zona rural, enquanto 26,9% sempre residiram no perímetro urbano. Sobre as plantas medicinais, 92% afirmaram terem acesso a essas plantas desde crianças e que o conhecimento foi adquirido no convívio familiar. Nas três cidades pesquisadas, as plantas medicinais são utilizadas para vários problemas de saúde, que podem ir de uma gripe ou resfriado a doenças mais graves como o diabetes, a hipertensão arterial e as doenças reumáticas. As folhas foram a parte das plantas mais utilizadas (58,8% e o chá(infusão a forma de preparo mais empregada(83,6%. Os motivos alegados para o uso de plantas medicinais foram os bons resultados, a facilidade de obtenção e o baixo custo. Foram citadas 106 plantas pelos nomes populares e as cinco mais citadas foram: boldo nacional (Plectranthus barbatus, boldo de Goiás(Vernonia condensata, erva-cidreira (Lippia alba,hortelã (Mentha sp e arruda (Rutagraveolens.Verificou-se que essas cinco plantas já apresentam estudos científicos.

  15. Efeito dos tratos silviculturais na produtividade e na qualidade da madeira em plantações de Eucalyptus spp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Genilson Cordeiro de Sousa

    2010-09-01

    Full Text Available O presente trabalho descreve os tratamentos culturais que podem ser realizados em plantações de eucalipto, com o intuito de melhorar a produtividade e qualidade da madeira produzida. A escolha do espaçamento inicial de plantio depende do destino final da madeira a ser produzida. O controle de plantas invasoras pode ser de forma manual, mecânica ou química nas linhas e/ou entrelinhas de plantio, este é de suma importância principalmente no estabelecimento da floresta, no qual essas plantas invasoras iram competir pelos recursos do meio com as mudas recém plantadas, retardando o crescimento da floresta. A fertilização pode alterar a estrutura anatômica e a densidade da madeira. A desrama pode melhorar a qualidade da madeira tornando-a isenta de nós. O desbaste é empregado para ampliar o espaço vital, e obter, dessa forma, um maior crescimento em diâmetro das árvores remanescentes.

  16. Anatomia comparada das folhas e raízes de Cymbidium Hort. (Orchidaceae cultivadas ex vitro e in vitro Comparative leaf and root anatomy of ex vitro and in vitro cultured Cymbidium Hort. plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Lischka Sampaio Mayer

    2008-06-01

    Full Text Available Na fase de cultivo in vitro, as plantas são mantidas em ambiente com alta umidade relativa do ar, baixa luminosidade e trocas gasosas restritas, o que resulta em taxa de transpiração reduzida. Portanto, quando essas mudas são expostas ao meio ex vitro, sofrem estresse que pode causar a morte. O objetivo desse trabalho foi comparar a estrutura anatômica das mudas de Cymbidium 'Joy Polis' cultivadas ex vitro (planta matriz e aclimatizada e in vitro e verificar se a estrutura anatômica das plantas in vitro influencia no processo de aclimatização. As plantas ex vitro foram mantidas em casa-de-vegetação, em vasos individuais com o substrato fibra de coco em pó combinada com fibra de coco, e as plantas in vitro foram mantidas em meio de cultura MS. Para a análise anatômica qualitativa foram coletadas amostras de folhas e raízes de plantas ex vitro e in vitro. As plantas aclimatizadas apresentaram estrutura morfoanatômica semelhante à da planta matriz. A estrutura anatômica das plantas in vitro não influenciou a sobrevivência das mudas durante a aclimatização devido à plasticidade fenotipica desse cultivar. As plantas de Cymbidium 'Joy Polis' possuem grande capacidade de aclimatização ao ambiente, sendo provavelmente este um dos fatores responsáveis pela sobrevivência de 100% das mudas.During in vitro culture plants are kept in an atmosphere with high relative humidity, low light intensity and reduced gas exchange, resulting in low transpiration rates. Therefore, when these plants are exposed to ex vitro conditions, they suffer stress, which can induce mortality. The purpose of this study was to compare the anatomical structure of Cymbidium 'Joy Polis' plants from ex vitro (mother plant and acclimatized plants and in vitro cultures and to verify if the anatomical structure of in vitro cultured plants affects acclimatization. The ex vitro plants were kept in a greenhouse in pots containing a mixture of coconut-fiber powder and

  17. Intoxicação aguda por Pteridium arachnoideum e Pteridium caudatum em bovinos e distribuição das plantas em Mato Grosso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Henrique Furlan

    2014-04-01

    Full Text Available São descritos os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos de um surto de intoxicação por Pteridium arachnoideum e Pteridium caudatum em bovinos no Estado de Mato Grosso. A distribuição dessas plantas no Estado, a intensidade de invasão de pastagens e alguns fatores associados à invasão das pastagens por Pteridium spp. são também descritos. Pteridium spp. foi observada em 83 propriedades de nove municípios de Mato Grosso e deste total, amostras de 22 propriedades foram coletadas para identificação taxonômica. Em 22 propriedades identifica-se P. arachnoideum e em duas dessas havia também P. caudatum. O desmatamento e a realização de queimadas parecem estar relacionados com a invasão de Pteridium spp. nas pastagens. Na propriedade em que ocorreu a doença, 306 bovinos foram introduzidos em uma pastagem formada por Brachiaria brizantha intensamente invadida por P. arachnoideum e P. caudatum e desses 22 bovinos adoeceram e morreram. Os principais sinais clínicos foram febre alta, apatia, fadiga, fraqueza e decúbito. Na necropsia havia graus variáveis de hemorragias em vários órgãos e cavidades e infartos ocasionais. Microscopicamente, a alteração mais importante consistiu em aplasia severa da medula óssea vermelha. Os achados epidemiológicos, clínicos e patológicos associados à identoificação taxonômica da planta fundamentam o diagnóstico de intoxicação aguda por P. arachnoideum e P. caudatum em bovinos. O crescente desmatamento e a frequente utilização de queimadas em Mato Grosso podem contribuir para que esta doença venha a ser uma importante fonte de prejuízos para a pecuária do Estado.

  18. Aplicações da cultura de tecidos em plantas medicinais Applications of tissue culture in medicinal plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.P. Morais

    2012-01-01

    Full Text Available Esta revisão tem por objetivo levantar dados de literatura sobre o histórico e a situação atual das técnicas de cultura de tecidos em plantas medicinais. Para tanto, foi realizada uma revisão de publicações do período de 1976 a 2009. A cultura de tecidos é muito utilizada em pesquisas envolvendo plantas medicinais, com destaque para a técnica de micropropagação. A aplicação das técnicas de cultura de tecidos em plantas medicinais tem como perspectivas a obtenção de germoplasma competitivo e adaptado a diversos métodos de cultivo, escolha de novas espécies que servirão como fonte de compostos biologicamente ativos e aprimoramento da produção de fitofármacos, a fim de assegurar exploração sustentável destas espécies.The aim of this literature review is to conduct a survey concerning the history and current situation of tissue culture techniques in medicinal plants. Therefore, a review was done considering the period from 1976 to 2009. Tissue culture is widely applied in medicinal plants researches, especially micropropagation. The perspectives of tissue culture techniques in medicinal plants are related to the development of competitive germoplasm adapted to diverse methods of cultivation, the election of new species that will serve as source of biological active composts, and the improvement of phytochemicals production, in order to assure sustainable exploration of these species.

  19. Assessing the diversity of bacterial communities associated with plants Avaliação da diversidade de comunidades bacterianas associadas às plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Dini Andreote

    2009-09-01

    Full Text Available Plant-bacteria interactions result from reciprocal recognition between both species. These interactions are responsible for essential biological processes in plant development and health status. Here, we present a review of the methodologies applied to investigate shifts in bacterial communities associated with plants. A description of techniques is made from initial isolations to culture-independent approaches focusing on quantitative Polymerase Chain Reaction in real time (qPCR, Denaturing Gradient Gel Electrophoresis (DGGE, clone library construction and analysis, the application of multivariate analyses to microbial ecology data and the upcoming high throughput methodologies such as microarrays and pyrosequencing. This review supplies information about the development of traditional methods and a general overview about the new insights into bacterial communities associated with plants.As interações planta-bactéria resultam de um reconhecimento recíproco de ambas espécies. Estas interações são responsáveis por processos biológicos essenciais para o desenvolvimento e a proteção das plantas. Este trabalho revisa as metodologias aplicadas na investigação de alterações nas comunidades bacterianas associadas às plantas. Uma descrição das técnicas é feita, desde o isolamento até a aplicação de técnicas independentes de cultivo, destacando as técnicas de qPCR, Gel de Eletroforese em Gradiente Desnaturante (DGGE, construção e análise de bibliotecas de clones, a aplicação de análise multivariada em dados de ecologia microbiana, e as novas metodologias de alto processamento de amostras como microarranjos e pirosequenciamento. Em resumo, esta revisão fornece informações sobre o desenvolvimento das técnicas tradicionais e uma visão geral sobre as novas tendências dos estudos de comunidades bacterianas associadas às plantas.

  20. Eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol CL Efficacy and selectivity of herbicides from the imidazolinone group applied in post-emergence of monocotyledon weeds on CL sunflower culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Francischini

    2012-12-01

    Full Text Available O controle das plantas daninhas, em geral, é realizado pelo uso de herbicidas, porém essa prática é limitada na cultura do girassol, por haver apenas dois produtos registrados para essa cultura (alachlor e trifluralin. Entretanto, o uso de novas tecnologias pode facilitar o controle das plantas daninhas com herbicidas que possuem amplo espectro de controle. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia e seletividade de herbicidas do grupo das imidazolinonas aplicados em pós-emergência de plantas daninhas monocotiledôneas na cultura do girassol Clearfield (CL. Para isso, foram instalados dois experimentos em campo. Os tratamentos e as respectivas doses em g ha-1 foram: trifluralin (1.800 aplicado em pré-emergência, fluazifop-p-butil (187 e imazapic+imazapyr nas doses de [36,75+12,25], [52,5+17,5], [12,25+36,75] e [17,5+52,5], aplicados em pós-emergência, além de duas testemunhas sem aplicação de herbicida, sendo uma sem capina e outra com capina. Foram realizadas avaliações de controle para Eleusine indica, Brachiaria plantaginea, Lolium multiflorum, Digitaria insularis, Cenchrus echinatus e Digitaria horizontalis, fitointoxicação do girassol Clearfield, estande e produtividade em kg ha-1. De acordo com os resultados, verificou-se que o uso do sistema CLmostrou-se uma ótima opção para áreas com infestação de plantas daninhas monocotiledôneas, pois possibilita a aplicação de herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS, obtendo excelente controle das plantas daninhas, além de não provocar injúrias visuais, mantendo o estande inicial, sem alterar a produtividade da cultura.Weed control is generally accomplished by the use of herbicides. However, this practice is limited in sunflower cultivation,since only two products are registered for the culture (alachlor and trifluralin.The use of new technologies can facilitate weed control with herbicides with broad spectrum control. Therefore, the

  1. Características de plantas de cultivares de arroz irrigado relacionadas à habilidade competitiva com plantas concorrentes Characteristics of flooded rice cultivar plants related to competitive ability against weeds concurrent plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.G. Fleck

    2003-04-01

    Full Text Available Plantas que apresentam rápido crescimento tendem a ocupar precocemente nichos disponíveis, utilizando o espaço de suas vizinhas. Em geral, esses vegetais adquirem prioridade na utilização dos recursos do meio. O objetivo deste trabalho foi avaliar variações em características de crescimento de cultivares de arroz irrigado. Para isso, conduziu-se um experimento em campo na estação de crescimento de 2000/2001, em Cachoeirinha-RS. Investigou-se o comportamento de oito cultivares de arroz, cultivados em presença e ausência de plantas de arroz do cultivar EEA 406, simulando infestação de arroz-vermelho, estabelecida com densidade média de 30 plantas m-2. Entre 15 e 60 dias após a semeadura (DAS, avaliou-se a evolução de área foliar, estatura e massa aérea das plantas de arroz. Com esses dados, calcularam-se razão de área foliar (RAF, taxa de crescimento relativo (TCR e taxa de assimilação líquida (TAL dos cultivares. Os cultivares Ligeirinho e XL 6 apresentaram elevadas velocidades de ganho em área foliar, estatura e massa aérea; com isso, alcançaram as maiores coberturas do solo, juntamente com o cultivar IR 841. Por outro lado, os cultivares Bluebelle e Formosa mostraram lento crescimento absoluto no período avaliado, mas, em geral, apresentaram os maiores valores para TCR e TAL.Fast-growing plants tend to occupy available niches utilizing these spaces ahead of their neighbors. In general, these plants have priority over others in the use of environmental resources. The objective of this research was to evaluate variations in growth characteristics of flooded rice cultivars. A field experiment was carried out during the 2000/01 summer season, in Cachoeirinha, RS, Brazil. The behavior of eight rice cultivars, grown in the absence or presence of the EEA 406 rice genotype was investigated, simulating a red rice infestation, established at an average density of 30 plants m-2. From 15 to 60 days after seeding (DAS

  2. Uso do leite de vaca in natura no controle de oídio na cultura da gérbera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Jasper

    2009-12-01

    Full Text Available Gerbera (Gerbera jamesonii is one of the most popular ornamental plants in the world, used as cut or vase flower. The experiment aimed to evaluate the effect of milk in natura to control powdery mildew (Erysiphe cichoracearum on gerbera. The treatments tested were: two concentrations of cow's milk in natura (8 and 16%, with and without adjuvant (vegetal oil, three fungicides (fenarimol -6 g a.i.100 L-1 H2O, chlorothalonil -150 g a.i.100 L-1 H2O and azoxystrobin + mineral oil - 10 g a.i.100 L-1 H2O and control treatment. The area under the disease progress curve (AUDPC was calculated for each plot based on disease severity. Milk in natura applied with adjuvant controlled the disease and did not allow the infection and development of pathogen. The addition of adjuvant improves the efficiency of milk in natura, but it requires subsequent washing of plants with H2O + detergent. The fungicide fenarimol promoted the best control and also the best gerbera visual aspect. The fungicide azoxystrobin + mineral oil and the chlorothalonil were phytotoxic to gerbera plants, affecting the aspect of leaves and flowers.A gérbera (Gerbera jamesonii é uma das mais populares plantas ornamentais do mundo, tanto como flor de corte como de vaso. O objetivo deste trabalho foi avaliar o leite in natura no controle do oídio (Erysiphe cichoracearum na cultura da gérbera. Foram utilizadas duas concentrações de leite de vaca in natura (8 e 16%, com e sem adição de adjuvante (óleo vegetal, três fungicidas (fenarimol -6 g i.a.100 L-1 H2O, chlorothalonil -150 g i.a.100 L-1 H2O e azoxystrobin + óleo mineral -10 g i.a.100 L-1 H2O e testemunha. Com os dados de severidade foi calculada a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD. O leite in natura aplicado com o adjuvante controlou o oídio, não permitindo a instalação e o desenvolvimento do patógeno. O uso do adjuvante melhorou a eficiência do leite in natura, no entanto requer a lavagem posterior das

  3. Plantas medicinais no processo de cicatrização de feridas: uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Piriz

    2014-09-01

    Full Text Available Uma busca foi realizada na literatura, visando sumarizar as pesquisas realizadas e obter informações acerca da utilização de plantas medicinais no processo de cicatrização de feridas. Utilizaram-se os descritores: Plantas Medicinais e Cicatrização de Feridas e seus equivalentes em inglês e espanhol, com o operador booleano "AND" em três bases eletrônicas de dados (PubMed, LILACS e COCHRANE. Foram selecionados 57 artigos para compor a revisão. Os resultados apontam que um total de 52 plantas medicinais e um composto de ervas foram estudados experimentalmente ou clinicamente, quanto aos seus efeitos no auxílio do processo de cicatrização, sendo que a maioria (88,5% apresentou eficácia. Com isso, verifica-se que a utilização de plantas medicinais trata de importante alternativa no tratamento de feridas, que começa a fazer parte da atenção à saúde brasileira, o que sugere novos estudos de comprovação clínica, custos, e benefícios e a constante atualização acerca das publicações realizadas.

  4. Crescimento do morangueiro: influência da cultivar e da posição da planta no canteiro Strawberry growth: effect of cultivar and plant position in the bed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Samuel Strassburger

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento de cultivares de morangueiro em sistema de cultivo orgânico, observando a influência da posição da planta no canteiro sobre a produção acumulada e a partição de massa seca entre os órgãos aéreos das plantas. O experimento foi realizado na Embrapa Clima Temperado, Estação Experimental Cascata, Pelotas, RS. Os tratamentos constaram da combinação de dois fatores experimentais: cultivar ('Albion', 'Aromas', 'Camarosa' e 'Camino Real' e a posição das plantas no canteiro (Central e Bordadura. O delineamento experimental adotado foi o de blocos completos casualizados com parcelas divididas e quatro repetições. A cultivar 'Camarosa' apresentou maior produção de massa seca dos órgãos aéreos das plantas (62,3; 27,5 e 88,0g planta-1 para folha, coroa e frutos, respectivamente e, juntamente com a 'Aromas', maior produtividade (64,2 e 59,1Mg ha-1, respectivamente. A cultivar 'Aromas' apresentou a maior contribuição proporcional dos frutos para a composição do total de massa seca da planta (60,6% e o maior índice de colheita (88%. A posição das plantas não influenciou o crescimento e a produtividade, indicando ausência de efeito de bordadura para as cultivares 'Albion', 'Aromas', 'Camarosa' e 'Camino Real'.The aim of this research was to evaluate the growth of strawberry cultivars growing in organic crop system observing the influence of plant position in the bed on accumulated dry matter production and its partitioning among the aboveground plant organs. The experiment was conducted in Embrapa Clima Temperado, Estação Experimental Cascata, Pelotas, RS. The treatments were compose by the combination of two experimental factors: cultivar ('Aromas', 'Albion', 'Camarosa' and 'Camino Real' and plant position in the bed (Central and Border. The experimental design used was randomized blocks with split-plots and four replications. 'Camarosa' cultivar presented highest dry mass

  5. Estimativa do vigor das sementes e das plântulas de Bixa orellana L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Leopoldo Ferreira

    Full Text Available RESUMO A multiplicação de espécies como as da planta de urucum tem limitações em função do conhecimento limitado das características morfológicas e fisiológicas das sementes e das plântulas e da restrição de métodos para determinar a qualidade dessas sementes. Nessa pesquisa, o objetivo foi estudar a adequação do teste de envelhecimento acelerado para estimar o vigor das sementes de urucum (Bixa orellana L., relacionando os resultados desse teste com a formação das plântulas e as diferenças de genótipo dos acessos genéticos. As sementes de urucum, representadas por quatro acessos genéticos, e por três lotes, foram avaliadas pelos testes de germinação, primeira contagem da germinação, classificação do vigor das plântulas e emergência das plântulas (total e índice de velocidade. No teste de envelhecimento acelerado foram avaliados a temperatura, de 41 ºC, e os períodos, de 48; 72 e 96 horas, de exposição das sementes às umidades relativas de 100% (água e de 76% (solução saturada de NaCl. A solução saturada reduz a quantidade de água absorvida pelas sementes de urucum, expostas às condições do teste de envelhecimento acelerado, reduzindo a deterioração das sementes, favorecendo a uniformidade dos resultados e a redução da proliferação de fungos, comuns na germinação das sementes de urucum. O teste de envelhecimento acelerado, com água ou solução salina, por 72 horas ou 96 horas, é eficiente para classificar as sementes de urucum quanto à qualidade. Assim, as variações dos teores de água das sementes de urucum devem ser entre 23;6 e 28;9% (72 horas e 29;7 e 32;9% (96 horas para a utilização da água e entre 7,3 e 9,5% para a utilização da solução salina de NaCl.

  6. Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo Periods of weed interference in okra crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.P.S Bachega

    2013-03-01

    Full Text Available Poucas pesquisas têm sido realizadas sobre interferência de plantas daninhas na cultura do quiabo. Objetivou-se com este trabalho estimar os períodos de interferência da comunidade infestante no quiabeiro. Um experimento de campo foi conduzido sob dois grupos de tratamentos, mantendo períodos crescentes de 0 (testemunha, 7, 21, 28, 35, 42, 49, 63, 77, 91 e 105 dias após a emergência da cultura (DAE, com e sem controle das plantas daninhas. As plantas daninhas com maior importância relativa foram Portulaca oleracea, Nicandra physaloides e Eleusine indica. A convivência do quiabeiro com as plantas daninhas por todo o ciclo de cultivo reduziu a produtividade da cultura em 95%. O período anterior à interferência foi de 57 DAE, enquanto o período total de prevenção à interferência foi de 14 DAE. Não houve período crítico de prevenção à interferência, sendo um único controle das plantas daninhas entre 14 e 57 DAE suficiente para prevenir a interferência na cultura do quiabo.Few research works have been carried out on weed interference in okra crop. The aim of this study was to estimate the periods of weed interference in okra crop. Thus, a field trial was carried out under two groups of treatments, using increased periods of 0 (check, 7, 21, 28, 35, 42, 49, 63, 77, 91, and 105 days after crop emergence (DAE with weed control and without weed control. Weeds with highest relative importance were Portulaca oleracea, Nicandra physaloides, and Eleusine indica. Coexistence of okra crop and weeds throughout the season reduced crop yield by 95%. The period before interference was 57 DAE, while total period of interference prevention was 14 DAE. There was no critical period of interference prevention, with a single weed control between 14 and 57 DAE being sufficient for interference prevention in okra crop.

  7. Plantas medicinais

    OpenAIRE

    Kato, Edna Tomiko Myiake

    2002-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública As plantas medicinais vêm sendo utilizadas em diferentes contextos no decorrer dos tempos e em várias sociedades (Biomedicina, Medicinas tradicionais), como recurso terapêutico para intervir no processo saúde/doença. No Brasil, pesquisas vêm sendo realizadas em busca da validação de algumas dessas plantas segundo critérios científicos e na busca de viabilização de medicamentos seguro...

  8. Surtos populacionais de Bemisia tabaci no estado de São Paulo Outbreaks of Bemisia tabaci in the São Paulo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Lourenção

    1994-01-01

    Full Text Available A partir de 1991, tem sido observada a presença da mosca-branca Bemisia tabaci (Genn. (Homoptera: Aleyrodidae em altas populações em hortaliças e orna-mentais nos municípios paulistas de Paulínia, Holambra, Jaguariúna e Artur Nogueira. Foram constatadas infestações severas em tomateiro, brócolos, berinjela e aboboreira; nesta última, o sintoma observado em plantas infestadas pela mosca-branca é o prateamento da face superior das folhas, em conjunto com queda drástica da produção. Uma lavoura de tomate severamente infestada por B. tabaci apresentava o sintoma referido colo amadurecimento irregular dos frutos do tomateiro; plantas invasoras presentes nessa área também foram intensamente colonizadas, principalmente Sida rhombifolia L., Sonchus oleraceus L., Solanum viarum Dun. e Ipomoea acuminata Roem. & Schult. Em Holambra, verificaram-se ataques intensos em plantas ornamentais, principalmente crisântemo (Chrysantemum morifolium Ramat. e bico-de-papagaio (Euphorbia pulcherrima Willd.; roseiras foral pouco colonizadas. Nessas hortaliças e nas ornamentais, a aplicação quase diária de inseticidas não reduziu a infestação do inseto. Além dessas plantas, campos de algodão, em Holambra, e de feijão, em Paulínia, também foram infestados por B. tabaci. Nos E.U.A., a capacidade de certas populações de B. tabaci de induzir o prateamento da folha em aboboreira e de colonizar intensamente E. pulcherrima, entre outros fatores, têm levado à distinção do biótipo "B" ou "poinsétia", nome vulgar dessa euforbiácea; todavia, estudos recentes na Califórnia (E.U.A. mostram a possibilidade de se tratar de duas espécies distintas. Dada a similaridade entre as infestações associadas a B. tabaci que vêm ocorrendo naquele país e, mais recentemente, no Brasil, é provável que o biótipo B ou essa nova espécie tenha sido aqui introduzido.Since 1991, an increase in the populations of the whitefly Bemisia tabaci (Genn. (Homoptera

  9. Prospecção fitoquímica preliminar de plantas nativas do cerrado de uso popular medicinal pela comunidade rural do assentamento vale verde - Tocantins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.G.F.de Bessa

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudo objetivou caracterizar qualitativamente grupos de metabólitos secundários e alguns constituintes de 9 espécies de plantas medicinais nativas do cerrado utilizadas pela comunidade rural do Assentamento Vale Verde, identificando potencialidades biológicas e farmacológicas. As informações referentes às plantas de uso medicinal foram obtidas por meio de estudos etnobotânicos e etnofarmacológicos, realizados no período de 2010 a 2012. O material botânico coletado foi identificado e depositado no Herbário da Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional (TO. O extrato etanólico e metanólico foi obtido a partir do material seco em estufa, filtrado e concentrado em evaporador rotatório sob pressão reduzida, pesados e novamente colocados em estufa por 24h a 50ºC, obtendo o rendimento (m/m resultante da relação entre a massa de extrato concentrado e após seco. A análise fitoquímica das plantas selecionadas foi feita usando a metodologia da Prospecção Preliminar, realizando testes para detecção de alguns constituintes importantes e dos principais grupos de metabólitos: saponinas, fenóis e taninos, catequinas, esteróides e triterpenóides, cumarinas, antraquinonas e flavonóides. Os testes foram considerados positivos através de reações de precipitados com colorações, formações de espumas e manchas coloridas. Os testes fitoquímicos realizados nos extratos revelarem a presença de constituintes do metabolismo secundário das plantas que podem contribuir para a identificação de marcadores químicos para as espécies estudadas, sendo estes indispensáveis para os testes de qualidade e integridade de fitoterápicos e uso popular mais seguro das plantas medicinais, possibilitando melhor controle farmacognóstico dessas espécies e direcionamento dos seus usos e aplicações na pesquisa pela bioatividade preliminarmente conhecida. Neste caso, especialmente devido às atividades antimicrobianas, antioxidantes

  10. Análise exploratória das características morfológicas e qualitativas de variedades de laranjeiras de mesa da coleção em brejão - PE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Cristina Medeiros

    2013-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar as características morfológicas e os aspectos físicos, físico-químicos e químicos das plantas e dos frutos de 15 variedades de laranjas cedidas pelo Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura (Embrapa - CNPMF, e plantadas na Estação Experimental do Instituto Agronômico de Pernambuco, Brejão-PE. Foram avaliados: diâmetro do caule acima e abaixo da linha de enxertia e a relação entre eles, diâmetro da copa, altura da planta e volume de copa. Nos frutos, as avaliações consistiram em: formato, coloração do epicarpo, massa do fruto, massa do suco, altura e diâmetro do fruto, espessura do mesocarpo e do endocarpo, número de sementes por fruto e rendimento em suco. O delineamento experimental foi em blocos casualisados, com quatro repetições e uma planta por parcela. Para o aspecto qualitativo dos frutos, utilizou-se o mesmo delineamento, e foram avaliados através de 12 descritores. Apenas seis das variedades de laranjas estudadas estão dentro das exigências do Programa Brasileiro para a Modernização da Horticultura e cinco das variedades de laranjas mostraram-se com maturação diferente das descritas na literatura.

  11. Estudo do consumo de plantas medicinais na Região Centro-Norte do Estado do Rio de Janeiro: aceitação pelos profissionais de saúde e modo de uso pela população

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdir Florencio da Veiga Junior

    Full Text Available A utilização de plantas com objetivos medicinais é bastante difundida em todo o mundo. No Brasil, são raras as pesquisas que avaliem o grau de utilização das plantas como medicamentos e sua inserção na cultura popular. A análise de 1.320 formulários preenchidos pela população do interior do estado do Rio de Janeiro e por profissionais da área de saúde permitiu verificar que as plantas medicinais são as principais formas de tratamento para 63% dos entrevistados, apesar da disponibilidade de medicamentos alopáticos. Foi observada a utilização de plantas como automedicação antes da consulta ao médico, concomitante com o medicamento alopático (55,9% e, em muitos casos, substituindo-o (52,4%, sem o conhecimento do médico. A pesquisa mostrou ainda a falta de conhecimento dos profissionais da área de saúde sobre a cultura de utilização das plantas medicinais pela população, preferindo terapias alternativas que não fazem parte da cultura popular brasileira, como a acupuntura.

  12. Interferência de plantas daninhas sobre o crescimento inicial de Coffea arabica Weed effect on the initial growth of Coffea arabica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M.T. Fialho

    2011-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos da interferência de plantas daninhas, em diferentes densidades de infestação, sobre o crescimento de plantas jovens de café arábica. Mudas de café, cultivar Mundo Novo, foram transplantadas, no estádio de quatro a cinco pares de folhas completamente expandidas, para vasos com capacidade de 25 dm³. O experimento foi conduzido em casa de vegetação em blocos casualizados, em esquema fatorial (4 x 4; o primeiro fator foi composto por espécies de plantas daninhas (Digitaria horizontalis, Brachiaria decumbens, Brachiaria plantaginea e Mucuna aterrima, e o segundo, por densidades dessas espécies (zero, dois, quatro e seis plantas por vaso, com quatro repetições. O plantio das espécies daninhas foi realizado 60 dias após o transplantio do café (0 DAT. Nesta data e no dia do encerramento do experimento, aos 90 DAT, determinaram-se a altura, a área foliar e o diâmetro do caule da planta de café, para cálculo do incremento dessas variáveis. Aos 90 DAT, determinou-se a matéria seca da parte aérea e radicular do café e das plantas daninhas e a densidade radicular do café. Utilizando esses resultados, estimou-se a razão de massa foliar, razão de massa caulinar, razão de massa radicular, razão de área foliar e a razão sistema radicular/parte aérea das plantas de café. A espécie M. aterrima foi a que mais reduziu a taxa de crescimento, a área foliar, a matéria seca do caule e das folhas e o diâmetro do caule do café. Entre as gramíneas, B. plantaginea foi a que mais reduziu a taxa de crescimento, área foliar, diâmetro do caule e densidade radicular do café. Ocorreu relação negativa entre a densidade de plantas daninhas e as variáveis de crescimento e com a razão de massa radicular e razão sistema radicular/parte aérea.The goal of this work was to evaluate the effects of weeds on the growth of young Arabica coffee plants, at different densities of infestation

  13. Desenvolvimento de Heliconia psittacorum e Gladiolus hortulanus irrigados com águas residuárias tratadas Growth of Heliconia psittacorum and Gladiolus hortulanus irrigated with treated domestic wastewater

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lousane L. Cerqueira

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo primordial com este trabalho é avaliar o impacto do uso de águas residuárias domésticas tratadas (ART no desenvolvimento de espécies ornamentais, razão por que se instalou o ensaio no município de Simões Filho, BA, em delineamento experimental de blocos casualizados, com parcelas subdivididas, cultivadas com Heliconia psittacorum e Gladiolus hortulanus e irrigadas por gotejamento com ART e com água de riacho; avaliaram-se o comprimento das hastes, número de botões florais (helicônia e gladíolo, altura das plantas, número de perfilhos, diâmetro da touceira e nutrientes (somente helicônia. Dentre os fatores que afetam o desenvolvimento das plantas, avaliaram-se a porosidade e a salinidade (condutividade elétrica - CE do solo, de 0 a 0,3 m. Não se observaram diferenças significativas no desenvolvimento das plantas; ressalta-se que micro e macroporosidade, CE e sodicidade, também não indicaram diferenças entre os tratamentos depois de 180 dias de irrigação, mas se observou início de salinização do solo após 1 ano de experimento, o que significa possíveis alterações dos parâmetros avaliados a médio e longo prazos.This research aims to evaluate the impact of irrigation with treated domestic wastewater (TDW on the growth of ornamental plant species. The experiment was installed in the town of Simões Filhos (BA, in a randomized block design with sub-divided plots, cultivated with Heliconia psittacorum and Gladiolus hortulanus using surface drip irrigation with TDW and river water. The evaluated parameters were: stem length, button number (parakeet flower and gladiola, and plant height, number of tillers, plant diameter and nutriment content (only parakeet flower. Among the factors which affect the growth of the plant, soil porosity and soil salinity (electrical conductivity - EC were measured for 0 to 0.3 m soil depth. No significant difference was observed for the plant morphology. Changes in soil micro and

  14. Caracterização da produção de plantas medicinais, aromáticas e condimentares no Território Centro-Sul do Paraná / Characterization of the medicinal plants production, herbs and spices in the South-Center region of Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Trento Filho

    2010-12-01

    Full Text Available O Território Centro-Sul do Paraná, composto inicialmente por doze municípios da região centro-sul do estado, vivencia um crescimento da cadeia produtiva de plantas medicinais aromáticas e condimentares (PLAMAC. Para verificar a atual situação do referido Território, foi realizado um diagnóstico das características de cultivo e infraestrutura da cadeia produtiva. Com o auxílio de secretários de agricultura, técnicos do Instituto EMATER e ONG´s, foram preenchidos 25 questionários e identificada uma área cultivada superior a 60 ha com produção estimada de 9825 Kg, somando-se as diversas espécies, distribuídas em 142 famílias utilizando 92 espécies de PLAMAC. Após o beneficiamento as plantas são utilizadas na fitoterapia e na culinária popular. A possibilidade de uso das plantas medicinais no complemento e diversificação na flora da reserva legal são um atrativo ao policultivo da agricultura familiar, pois com o manejo correto é uma fonte extra de renda. Dessa forma, o cultivo das PLAMAC tem aumentado, bem como a busca por qualidade. Verificamos que a produção de plantas medicinais é desenvolvida em 75% dos municípios do Território Centro-Sul do Paraná. Em 67% destes municípios que desenvolvem a atividade, os produtores apresentam perspectivas de expansão e 33% consideram a atividade estável. Prudentópolis concentra o maior número de produtores e a camomila é a planta com maior área de cultivo (24,1 ha. O processo de secagem em alguns dos casos é coletivo, no total estão instalados 104 secadores em todo o Território, sendo que 16,34% esperam as plantas secarem naturalmente à sombra, 5,76% secam as plantas expostas ao sol, 54,8% secam utilizando secadores com fonte artificial de calor e 23,07% utilizam adaptação de ambiente através de estufas solares.

  15. Eficiência de diferentes moléculas na redução dos sintomas da queima das bainhas em arroz e no crescimento de Rhizoctonia solani in vitro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Schurt

    2013-04-01

    Full Text Available Este estudo verificou a eficiência da aplicação de diferentes moléculas em reduzir o comprimento relativo da lesão (CRL da queima das bainhas em arroz. Plantas dos cultivares BR-Irga 409 e Labelle foram cultivadas em solução nutritiva e inoculadas com Rhizoctonia solani, no estádio de máximo perfilhamento. Às 24 horas antes da inoculação, as bainhas das plantas foram pulverizadas com soluções de silicato de potássio (SP, silicato de potássio + fósforo (SP+F, Acibenzolar-S-Metil (ASM, fungicida Carbendazim, quitosana desacetilada (QD, etileno (ET e fosfito de potássio (FP. Plantas cujas bainhas foram pulverizadas com água destilada serviram como testemunhas. O efeito das moléculas contidas nesses produtos no crescimento micelial de R. solani foi testado in vitro. Para BR-Irga 409, o CRL foi menor com a aplicação do FP, em relação aos demais tratamentos, exceto o Carbendazim. A aplicação do Carbendazim reduziu em 86,1% o CRL, em relação à testemunha. O CRL foi significativamente menor no cultivar BR-Irga 409 do que no 'Labelle', com aplicação do FP. O crescimento micelial de R. solani foi reduzido apenas pelo FP e Carbendazim, em comparação com os demais tratamentos. Não houve diferença significativa entre os tratamentos testemunha, SP e SP+F para a concentração de Si nas bainhas das plantas dos dois cultivares.

  16. Prevalência das doenças de vírus dos citros no estado de São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitória Rossetti

    1962-01-01

    Full Text Available Um levantamento das condições fitossanitárias dos pomares cítricos, dando especial atenção às doenças de vírus transmissíveis pela borbulha, foi realizado no Estado de São Paulo, a fim de servir como base a um Registro de Plantas Matrizes. Êsse levantamento foi baseado em uma amostra correspondente a 10% do total de 14 milhões de plantos citricas nas quatro principais regiões citrícolas do Estado. Em cada região um certo número de pomares foi escolhido de acôrdo com as variedades enxérto e porto-enxêrto e idade. Em cada pomar foram feitos observações quanto aos sintomas visíveis de sorose, exocorte e xiloporose em 100 plantas tomadas ao acaso. Com a porcentagem de plantas doentes de cada variedade de cada pomar, for calculada a porcentagem média ponderada para o total do número de plantas das amostras regionais, considerados para cada doença. Foram observadas porcentagens variáveis de plantas de laranja Pera com sintomas de exocorte e de sorose, indicando a existência de vários clones desta variedade. As plantas das variedades Baianinha e Hamlin, originárias cada uma delas de um único clone, foram encontradas pràticamente 100% infectadas com exocorte. A doença sorose não foi encontrada em plantas de laranja Hamlin, mas praticamente em quase tôdas as da variedade Baianinha. Sintomas de xiloporose foram observados sòmente na variedade Barão. Foram realizadas observações sôbre a ocorrência de estirpes mais ou menos severas do vírus da tristeza, e sintomas dessa doença foram encontrados em plantas de laranja Pera, pomelo e limão Galego.A survey of the virus disease conditions of the citrus orchards, giving special attention to bud-transmitted virus diseases was carried out in the State of Soo Paulo, Brazil, in order to lay a basis for a Budwood Certification Program. The field survey was based on a sample corresponding to 10% of the total population of 14 million citrus trees in the four main citrus areos

  17. Enriquecimento e alocação de 13C em plantas de eucalipto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Nolasco Machado

    2011-06-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, a utilização de isótopos estáveis em várias áreas de pesquisa vem se destacando, como na análise de fluxos e rotas metabólicas, análise de efeitos de estresses em plantas e, em grande escala, no estudo da matéria orgânica do solo (MOS. Estudos de alterações e dinâmica da MOS usando a variação da abundância natural do 13C requerem mudanças na razão isotópica do C. Quando não existe essa possibilidade, uma das alternativas é enriquecer o material vegetal (planta com 13C, via fixação de 13CO2, de modo que a razão isotópica seja distinta daquela da MOS original. O objetivo deste trabalho foi investigar a magnitude e a homogeneidade do enriquecimento em 13C em diferentes componentes da planta de eucalipto. No processo de marcação, três plantas de eucalipto, com 4 meses de idade, cultivadas em solução nutritiva foram expostas a uma atmosfera enriquecida com 13CO2, em uma câmara de vidro (448 dm³, com temperatura em torno de 24 ºC. A concentração de CO2 e a razão 13C/12C foram monitoradas por um espectrômetro de massa de razão isotópica (IRMS em amostras de ar retiradas ao longo do processo (126 dias com três pulsos de 13CO2 semanais. Após o período de marcação, as plantas foram separadas em folha (folha-fonte e folha-dreno, galho, casca, lenho e raiz e analisadas em IRMS. O resultado foi expresso em partes por mil (‰ em relação ao padrão internacional de C denominado Pee-Dee Belemnite (PDB, obtendo-se a δ13C PDB delas: folha-fonte (828,07 ‰, folha-dreno (645,72 ‰, galho (672,49 ‰, casca (691,86 ‰, lenho (632,02 ‰ e raiz (536,55 ‰. O padrão de alocação e enriquecimento de 13C entre os componentes das plantas foi homogêneo, embora com diferenças numéricas da ordem de 291 ‰ na δ13C PDB. As plantas de eucalipto mantiveram alta taxa de absorção de CO2 e, consequentemente, alta taxa fotossintética em concentrações de CO2 muito acima (180,4 mmol L-1 - 7

  18. Augmented reality systems for weed economic thresholds applications Tecnologia de realidade ampliada para utilização com os níveis de dano econômico de plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.R. Vidal

    2010-06-01

    Full Text Available The augmented reality (AR technology has applications in many fields as diverse as aeronautics, tourism, medicine, and education. In this review are summarized the current status of AR and it is proposed a new application of it in weed science. The basic algorithmic elements for AR implementation are already available to develop applications in the area of weed economic thresholds. These include algorithms for image recognition to identify and quantify weeds by species and software for herbicide selection based on weed density. Likewise, all hardware necessary for AR implementation in weed science are available at an affordable price for the user. Thus, the authors propose weed science can take a leading role integrating AR systems into weed economic thresholds software, thus, providing better opportunities for science and computer-based weed control decisions.A tecnologia de realidade aumentada (AR tem aplicações em vários e diversos campos, como aeronáutica, turismo, medicina e educação. Nesta revisão, é resumido o estado atual da AR e propõe-se uma nova aplicação dela na ciência das plantas daninhas. Os elementos básicos para a implementação de algoritmos de AR já estão disponíveis para desenvolvimento de aplicações na área de níveis de dano econômico de plantas daninhas. Estes incluem algoritmos de reconhecimento de imagem, para identificar e quantificar as infestantes por espécie; e software, para a seleção de herbicidas com base na densidade de plantas daninhas. Da mesma forma, todo o hardware necessário para aplicação da AR nessa área da ciência das plantas daninhas está disponível a um preço acessível ao usuário. Assim, sugere-se que a ciência das plantas daninhas possa assumir um papel preponderante na integração dos sistemas de AR aos softwares de níveis de dano econômico de plantas daninhas nas culturas. Com isso, seria possível proporcionar melhor utilização da informática para apoio nas

  19. Controle da fusariose em plantas de pimenta-do-reino com bactérias endofíticas: sobrevivência e respostas morfofisiológicas Fusariosis control in black pepper plants with bacterial endophytes: survival and morphophysiological responses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RUTH LINDA BENCHIMOL

    2000-07-01

    Full Text Available Oito bactérias endofíticas de plântulas de pimenta-do-reino foram testadas em casa de vegetação, objetivando controlar Fusarium solani f. sp. piperis e avaliar respostas morfofisiológicas das plantas tratadas com os agentes de controle. Plantas com quatro meses de idade tiveram o sistema radicular tratado com as suspensões bacterianas (10(9 ufc mL-1 por 10 minutos, e foram plantadas em vasos com solo natural infestado artificialmente com o patógeno (0,25%. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com três repetições para avaliar o comportamento fotossintético, a produção e a alocação de biomassa, e cinco repetições para avaliar a mortalidade das plantas. As avaliações foram feitas 120 dias após a instalação do ensaio. O isolado B0 (Methylobacterium radiotolerans controlou F. solani f. sp. piperis, provocando redução significativa do número de plantas mortas. Na ausência do patógeno, M. radiotolerans funcionou ainda como promotor de crescimento. Os demais isolados testados não apresentaram efeito na diminuição da mortalidade das plantas. A aplicação das bactérias endofíticas não afetou a taxa fotossintética instantânea das plantas, à exceção de B6, que teve efeito negativo. As plantas tratadas com M. radiotolerans priorizaram a alocação de carbono para a parte aérea.Eight endophytic bacteria from black pepper seedlings were tested under greenhouse conditions aiming to control Fusarium solani f. sp. piperis and to evaluate some morphophysiological responses in plants treated with the biocontrol agents. Four-month old plants had their roots treated with the bacterial suspensions (10(9 cfu mL-1 for 10 minutes and were planted in pots containing soil artificially infested with the pathogen (0.25%. The experimental design was completely randomized, with three replications to evaluate photosynthetic behavior, and biomass production and allocation, and five replications to evaluate plant

  20. Comunidad de hongos endófitos associados com planta etnomedicinal del Amazonas Bellucia grossularioides (L) Trianna y evaluación de sus propiedades antimicrobianas.

    OpenAIRE

    Melo Cutrim Martins, Rafael Tagori; Pessoa Borges, Ana Kleiber; Armiato, Amaraína Maia; Pimenta, Raphael Sanzio

    2016-01-01

    Endófitos são úteis na agricultura e na indústria alimentícia e farmacêutica como fontes de metabólitos de interesse humano. Plantas medicinais brasileiras com histórico etnobotânico oferecem grandes oportunidades de descoberta de novos metabólitos bioativos de fungos endofíticos associados a essas plantas. Neste trabalho, foram obtidas 282 colônias de fungos endofíticos das partes aéreas de B. grossularioides. A frequência de colonização fúngica total dentre todos os fragmentos foi de 53,6%,...

  1. Inovação tecnológica como agente de redução de impactos ambientais da indústria de rochas ornamentais no estado do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romeu Silva Neto

    Full Text Available A indústria de rochas ornamentais da região noroeste fluminense constitui um arranjo produtivo local de grande importância econômica. Entretanto, as empresas fazem uso de técnicas rudimentares em seus processos produtivos, o que causa sérios problemas ambientais e de competitividade. Cientes de que a principal dificuldade enfrentada por esta indústria está relacionada com a ausência de tecnologias, governo, universidades e organizações da sociedade civil têm tentado desenvolver e difundir tecnologias. O objetivo deste trabalho de pesquisa é identificar e descrever os fatores que impedem a difusão de tecnologia neste arranjo produtivo. Foram realizados múltiplos estudos de caso de caráter exploratório, descritivo e explicativo, nos quais foram utilizadas múltiplas fontes de evidência, tais como revisão bibliográfica, entrevistas semi-estruturadas com empresários e profissionais do setor, além de visitas técnicas a empresas locais. Os resultados apontam para dificuldades na difusão dessas tecnologias, especialmente para as pequenas empresas, tais como baixa qualificação de empresários e trabalhadores, resistência a mudanças dentro das empresas, e dificuldade de articulação, já que, atualmente, existe disponibilidade de recursos financeiros e apoio institucional para a inovação.

  2. Efeito do eptc + r 25788 em combinação com o diuron no controle de plantas daninhas e seletividade para a cultura da batata-doce Weed control in sweet potato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurílio F. de Oliveira

    1997-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o efeito das doses de EPTC + R 25788 combinadas com doses de diuron no controle de plantas daninhas na cultura de batata-doce, realizou-se um ensaio sob condições de campo num Podzólico Vermelho Amarelo, fase terraço, argiloso, com 3,5 % de matéria orgânica. Foram avaliadas quatro doses de EP TC + R 25 78 8 aplicado em pré-plantio incorporado: 0,0; 1,6; 3,2 e 4,8 kg/ha por quatro doses dediuron : 0,0 ; 0,8 ; 1,2 e 1,6 kg/ha, em quatro repetições. O EPTC + R25788 apresentou bom controle das plantas de tiririca quando aplicado nas maiores doses, principalmente na ausência do diuron. As maiores doses de EPTC + R 25788 aplicadas isoladamente, apresentaram significativos aumentos na população de plantas de folhas largas. As maiores doses de diuron promoveram melhor controle das plantas de folhas largas, na presença das maiores doses de EPTC + R 25788. A combinação das maiores doses dos herbicidas não refletiram em maiores produções. A maior produção de batata-doce ocorreu quando se aplicou 6 L/ha de Eradicane e 1,32 kg/ha de Karmex 800.Four levels of EPTC + R 25788 (0.0; 1.6; 3.2 e 4.8 kg/ha and diuron (0.0; 0.8; 1.2 and 1.6 kg/ha with four replications were evaluated in a fatorial field experiment in a Utisol containg 3.5 % organic matter. Better control of nutsedge was obtained with the highest dosage of EPTC + R 25788, mainly in the absence of diuron. However, when the highest eradicane levels were applied as single treatments there was a marked increase in the broadleaf weed population. The best control of broadleaf weed population was achieved when the highest diuron levels were combined with the highest EPTC + R 25788 levels although this condition have not resulted in highest productions. The greatest sweet potato production was obtained with the combination of 6 1/ha of Eradicane plus 1.32 kg/ha of Karmex 800.

  3. Plantas de cobertura no controle de plantas daninhas na cultura do tomate em plantio direto Cover crops used to control weeds under the no-tillage tomato production system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Silva Hirata

    2009-01-01

    Full Text Available O plantio direto do tomateiro é um sistema que busca maior sustentabilidade, porém são escassas as informações sobre o manejo de plantas daninhas nessa nova modalidade de cultivo. O objetivo deste trabalho foi avaliar cinco tipos de cobertura do solo (Brachiaria decumbens, B. ruziziensis, Pennisetum glaucum, comunidade infestante e tratamento sem cobertura vegetal para plantio direto do tomateiro rasteiro, conduzido no sistema meia estaca, em complementação ao controle químico com herbicidas. P. glaucum foi a espécie que proporcionou maior cobertura do solo até a colheita do tomate; todavia, a taxa de decomposição da palha foi maior que a das demais coberturas. As coberturas de solo compostas pelas gramíneas forrageiras B. decumbens, B. ruziziensis e Pennisetum glaucum reduziram a densidade e a massa seca das plantas daninhas. O uso da comunidade infestante para obtenção de palha promoveu reduzida cobertura do solo e elevada emergência de plantas daninhas, semelhantes às do solo sem cobertura. B. decumbens apresentou rebrota durante o ciclo do tomateiro, o que não ocorreu com B. ruziziensis.Tomato no tillage system is a more sustainable system. However, information about weed management in this new cultivation modality is scarce. The objective of this work was to evaluate five vegetation covers (Brachiaria decumbens, B. ruziziensis, Pennisetum glaucum, community weed and the treatment without vegetable covering for no tillage system of the staked processing tomato crop combined with weed chemical control. P. glaucum provided the most soil cover to the tomato crop, although straw decomposition rate was higher than those of the other covers. The soil cover by the forage grasses B. decumbens, B. ruziziensis and Pennisetum glaucum reduced the density and dry mass of the weeds. The use of the community weeds for straw obtaining promoted reduced covering of the soil and larger emergency of weeds, similar to the treatment without

  4. Eficácia do herbicida oxyfluorfen com a cobertura de palha no controle de plantas daninhas Efficacy of oxyfluorfen with straw cover in controlling weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Negrisoli

    2009-03-01

    Full Text Available A palha pode alterar a dinâmica do herbicida oxyfluorfen no sistema de cana-crua; assim, este trabalho teve por objetivo avaliar a eficácia do oxyfluorfen em condições de casa de vegetação, com a cobertura de palha, no controle das plantas daninhas que ocorrem em cana-crua. Foram avaliadas as espécies de Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea quamoclit e Merremia cissoides. A dose utilizada do oxyfluorfen foi de 3 L ha-1 (720 g i.a. ha-1. Os tratamentos constaram de diferentes posicionamentos do herbicida e condições antes e após a aplicação. A porcentagem de controle das plantas daninhas foi avaliada aos 12, 20, 26, 33 e 38 DAA. Os maiores índices de controle aos 38 DAA, independentemente da planta daninha estudada, foram alcançados quando se aplicou oxyfluorfen em tratamentos com a presença de palha em cobertura, com ou sem umidade. No entanto, os resultados obtidos nos demais tratamentos mostraram-se eficientes no controle das diferentes espécies de plantas daninhas estudadas.Straw can change the dynamics of the herbicide oxyfluorfen in the raw sugarcane system. Thus, this study aimed to assess the effectiveness of oxyfluorfen with straw cover in controlling weeds in raw sugarcane under greenhouse conditions. The species Brachiaria decumbens, Ipomoea grandifolia, Ipomoea quamoclit and Merremia cissoids were evaluated and the dose used was oxyfluorfen 3 L ha-1 (720 g .i.a. ha-1. Treatments consisted of different herbicide positions and conditions before and after application. Weed control percentage was evaluated at 12, 20, 26, 33 and 38 DAA. The highest control rates at 38 DAA, regardless of the weed studied, were reached when oxyfluorfen was applied in treatments with the cover straw, with or without humidity. However, the results obtained in the other treatments were effective in controlling the different weed species studied.

  5. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas em pastagens degradadas do Médio Vale do Rio Doce, Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evander Alves Ferreira

    2014-08-01

    Full Text Available O levantamento fitossociológico é uma ferramenta importante, na análise do impacto que os sistemas de manejo e as práticas agrícolas exercem sobre a dinâmica de crescimento e ocupação das plantas daninhas no agroecossistema. Por essa razão, esta pesquisa teve como objetivo realizar a caracterização fitossociológica de plantas daninhas, em oito áreas de pastagens degradadas, de cinco municípios do Médio Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. No total foram identificadas 68 espécies, pertencentes a 18 famílias, sendo que o gênero Sida ocorreu em todas as áreas avaliadas. De maneira geral, a Uroclhoa decumbens, a Sida glaziovii e a Sida carpinifolia foram as espécies encontradas com maior frequência. Todavia, constatou-se grande diversidade de plantas daninhas nas áreas avaliadas, sendo a maior riqueza observada no município de Galiléia e, a menor, em Governador Valadares. As áreas estudadas apresentaram baixa similaridade entre si, sendo, portanto, indicado que o manejo de plantas daninhas seja específico para cada situação.

  6. La Planta del Oro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cantalá. Julio

    1941-06-01

    Full Text Available Una planta de talle esbelto, adornada con apéndices casi capilares como la cola de un caballo, salpica las veredas de estas frondosas montañas de Catskills en donde la nieve recién derretida se convierte en jugo que fortalece la vegetación primaveral. Esta planta casi inclusera que en inglés se llama "horse tail"o cola de caballo, la botánica la califica como de la familia de las gnetaceas y pertenece a la especie "Ephedra vulgaris". Efectivamente, muy vulgar es la planta. Por todos los sitios crece y ni siquiera las cabras hambrientas que saltan por estos matorrales, orientan su olfato hacia el arbusto.

  7. COMPOSTOS ORGÂNICOS COMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE REPOLHO DAS CULTIVARES CHATO DE QUINTAL E ROXO MAMMOU TH RED ROCK

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Justino Zacarias

    2017-04-01

    Full Text Available Entre as variedades botânicas das espécies de repolho, a de maior importância econômica mundial é a Brasica Oleracea var. capitata, sendo no Brasil, a brasicacia mais consumida. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de substratos orgânicos na produção de mudas de repolho. Os substratos avaliados foram: S1 Substrato Comercial, S2 Vermicomposto e S3 Serapilheira, utilizando a concentração de 100% para todos os substratos; e duas variedades de repolho: 1 Chato de quintal, 2 Roxo Mammou TH RED ROCK. O arranjo experimental utilizado foi em esquema fatorial 3x2 no formato de DIC, com 3 repetições, sendo que cada repetição com 5 plantas. As características avaliadas foram: altura total da planta, altura da parte aérea, comprimento da maior raiz, sendo avaliadas no 25° dia. Dentro dos resultados obtidos no experimento, notou-se que o substrato orgânico de Serrapilheira proporcionou melhor desenvolvimento vegetativo das plantas.

  8. Perfil farmacológico e fitoquímico de plantas indicadas pelos caboclos do Parque Nacional do Jaú (AM) como potenciais analgésicas: parte I

    OpenAIRE

    Rodrigues,Eliana; Duarte-Almeida,Joaquim M.; Pires,Júlia Movilla

    2010-01-01

    Muitos estudos de plantas medicinais baseiam-se em informações etnofarmacológicas, na intenção de encurtar o tempo e diminuir os recursos financeiros no desenvolvimento de novas drogas. O presente trabalho teve como objetivo realizar estudos de farmacologia pré-clínica e fitoquímica com três extratos vegetais, obtidos de duas das 42 plantas com potenciais efeitos analgésico e/ou antiinflamatório, indicadas pelos moradores do Parque Nacional do Jaú, AM. Os extratos hidroalcoólicos foram submet...

  9. Plantas daninhas hospedeiras alternativas de Colletotrichum guaranicola em cultivos de guaraná no Estado do Amazonas Alternative host weeds of Colletotrichum guaranicola in guarana crops in the State Amazonas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.J. Miléo

    2007-12-01

    Full Text Available As plantas daninhas reduzem a produção de sementes de guaraná e podem hospedar microrganismos patogênicos, tornando-se potenciais fontes de inóculo. Este trabalho identificou espécies de plantas daninhas colonizadas pelo fungo Colletotrichum guaranicola em cultivos de guaranazeiro em quatro municípios do Estado do Amazonas. As plantas daninhas foram identificadas e a presença do fungo foi verificada por meio de isolamentos feitos a partir de fragmentos de folhas lesionadas. As espécies colonizadas por C. guaranicola foram Bidens bipinnata, Chloris sp., Clidemia capitellata, Cyperus flavus, Elephantopus scaber, Euphorbia brasiliensis, Hemidiodia sp., Hyptis lantanifolia, Paspalum conjugatum, Physalis angulata e Synedrella nodiflora, as quais podem representar uma fonte de inóculo do patógeno, além das plantas de guaraná. A diversidade de plantas daninhas, em cultivos de guaranazeiro, reforça a importância de estabelecer práticas de manejo dessas plantas, principalmente em Maués, onde ocorreu maior colonização das espécies de plantas daninhas pelo fungo.Weed infestation may reduce grain guarana crops yield and host plant pathogens becoming potential inoculum sources. This research identified weed species colonized by the fungus Colletotrichum guaranicola in the guarana crop in four counties in the state of Amazon. The weeds were identified fungi presence was observed by isolation from leaf fragments of leaves injured by the fungi. The weed species colonized by Colletotrichum guaranicola were Bidens bipinnata, Chloris sp., Clidemia capitellata, Cyperus flavus, Elephantopus scaber, Euphorbia brasiliensis, Hemidiodia sp., Hyptis lantanifolia, Paspalum conjugatum, Physalis angulata and Synedrella nodiflora,that may represent a strong potential of plant pathogen inoculum, along with the guarana plants. Weed diversity in guarana crop shows the importance of establishing management practices to control these weeds, mainly in the Maues

  10. Agregação de um latossolo vermelho-amarelo submetido a métodos de controle de plantas invasoras na cultura do café

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Henrique da Silva Siqueira

    2014-08-01

    Full Text Available O controle de plantas daninhas em cultivos de cafeeiros tem expressivo efeito na qualidade física do solo, influenciando, entre outros atributos, na sua estabilidade estrutural. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o estado de agregação das partículas primárias de um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA cultivado com cafeeiros, quando submetido a diversos métodos de controle de plantas invasoras. Os métodos de controle de plantas invasoras avaliados foram: manutenção da entrelinha coberta com amendoim-forrageiro (Arachis pintoi L. e capim-braquiária (Brachiaria decumbens; controle mecânico com grade, roçadora, trincha e capina manual; controle químico com herbicidas de pós e pré-emergência; e ausência de controle, mantendo a entrelinha sem capina. O delineamento experimental foi em blocos casualizados em um fatorial 9 × 2 em parcelas subdivididas, sendo nove métodos de controle e duas profundidades do solo (0-15 e 15-30 cm, com três repetições. Determinaram-se a estabilidade dos agregados em água, expressa pelo diâmetro médio geométrico, o potencial dispersivo da fração argila, estimado pelos teores de argila dispersa em água e do índice de floculação, além dos teores de matéria orgânica do solo. Os atributos avaliados foram influenciados pelos diferentes métodos de controle, contudo essa influência não foi dependente da camada de solo amostrada. A utilização contínua de grade e herbicida de pré-emergência no controle de invasoras na cultura do café diminuiu a agregação das partículas do solo, confirmado pelos menores valores de diâmetro médio geométrico. Os métodos biológicos de controle das invasoras mantiveram melhor estado de agregação das partículas do solo. O estado de agregação das partículas não mostrou-se associado à dispersibilidade da fração argila do solo.

  11. Trocas gasosas e fluorescência da clorofila em plantas de berinjela sob lâminas de irrigação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flaviana G. da Silva

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOA berinjela tem grande importância nutricional e socioeconômica, sendo cultivada e comercializada em vários países, principalmente em ambiente protegido; sua produção, assim como a de inúmeros cultivos agrícolas, é dependente de fatores como água, nutrientes e luz; propôs-se, assim, com este trabalho, avaliar as trocas gasosas, fluorescência da clorofila a e temperatura foliar de berinjela cultivada em ambiente protegido em diferentes lâminas de irrigação. O estudo foi realizado em casa de vegetação utilizando-se delineamento inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e oito repetições, totalizando 40 unidades experimentais. Os tratamentos constaram de cinco lâminas de irrigação: 33, 66, 100, 133 e 166% da ETc, as quais corresponderam a 133, 266, 403, 536, 669 mm planta-1 ciclo-1, respectivamente. A taxa fotossintética das plantas de berinjela aumenta com o acréscimo da reposição hídrica. Os valores mais expressivos de trocas gasosas (A, E, gs, Ci, EiUA e EiC nas plantas de berinjela, de forma geral, foram observados quando se utilizaram, na irrigação, lâminas estimadas entre 123,52 e 166% da ETc. A fluorescência da clorofila aumentou com o aumento das lâminas de irrigação e a temperatura foliar diminuiu em função do aumento da água.

  12. Arranjo de plantas em milho: análise do estado-da-arte Maize plant arrangement: analysis of the state of the art

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilber Argenta

    2001-12-01

    Full Text Available A interceptação da radiação fotossinteticamente ativa pelas plantas exerce grande influência sobre a sua performance quando outros fatores ambientais são favoráveis. A eficiência de utilização da radiação solar a campo é muito baixa. A escolha adequada do arranjo de plantas pode aumentar a interceptação da radiação, a eficiência de seu uso e o rendimento de grãos das culturas, por influenciar o índice de área foliar, ângulo da folha e a distribuição de folhas no dossel. Esta revisão tem por objetivos analisar os principais fatores que afetam a escolha do arranjo de plantas em milho, a evolução da sua recomendação e as modificações introduzidas nas características de planta que a determinaram. A escolha do arranjo de plantas é influenciada pela cultivar, forma de uso do milho pelo produtor, nível tecnológico, época de semeadura e comprimento da estação de crescimento. As principais alterações no arranjo de plantas ocorreram após a introdução dos híbridos simples, que foi acompanhada pelo aumento do uso de fertilizantes e controle mais eficiente de plantas daninhas e de pragas. O aprimoramento do manejo da cultura, associado ao uso de híbridos de alto potencial produtivo, contribuiu para o aumento da densidade de plantas e a redução do espaçamento entre linhas. Tais mudanças também foram viabilizadas por algumas modificações verificadas nas plantas, como os decréscimos no tamanho de pendão, número de plantas estéreis sob altas densidades, taxa de senescência foliar durante o enchimento de grãos, maior sincronia entre pendoamento e espigamento sob condições de estresse, menor estatura, número de folhas e acamamento de colmos e raízes e redução no ângulo de inserção das folhas no colmo. Estas modificações aumentaram a tolerância da cultura ao estresse devido ao uso de altas densidades e possibilitaram alterações no arranjo de plantas. O aumento no potencial de grãos de milho

  13. Influencia de doses de potássio nos teores de macronutrientes em plantas e sementes de alface Macronutrient content in lettuce affected by potassium side dressing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiaini Kano

    2010-09-01

    Full Text Available Avaliou-se a influência de doses de potássio aplicadas em cobertura nos teores de nutrientes em plantas de alface cultivada para produção de sementes. O delineamento experimental utilizado foi blocos casualizados, com cinco tratamentos (0,0; 1,0; 1,5; 2,0 e 2,5 g planta-1 de K2O e seis repetições. Os dados foram submetidos à análise de variância e à análise de regressão. Somente os teores de potássio e magnésio determinados na matéria seca da parte aérea das plantas foram influenciados significativamente pelas doses de potássio testadas, em que para o teor de potássio ocorreu aumento linear e para o de magnésio houve redução também linear. Conclui-se que os tratamentos testados não interferiram de forma significativa nos teores de macronutrientes das sementes, apesar de ter modificado os teores de potássio e de magnésio na matéria seca da parte aérea das plantas de alface, cultivar Verônica.The influence of potassium rates applied in side dressing was evaluated on the nutrient content of lettuce plants cultivated for seed production. The experiment was carried out in randomized complete blocks, with five treatments (0.0; 1.0; 1.5; 2.0 and 2.5 g plant-1 of K2O and six replications. Only the potassium and the magnesium content in the dry matter of the plant aboveground part was affected by the treatments. The potassium content increased and the magnesium content decreased, both linearly, as an effect of the application of increasing potassium rates. Also, despite of the effect on the plant potassium content, the treatments did not affect the seed macronutrient content.

  14. Plantas de cobertura e seus efeitos sobre o feijoeiro em plantio direto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Tadário Kamel de

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estimar o rendimento de matéria fresca, matéria seca e o acúmulo de nutrientes da fitomassa produzida por milheto (Pennisetum americanum (L. Leek, sorgo (Sorghum bicolor (L. Moench, milho (Zea mays L., mucuna-preta (Stizolobium aterrimum e feijão-de-porco (Canavalia ensiformis (L. DC., em cultivo exclusivo e consorciado, e seus efeitos sobre o feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. cv. Carioca em plantio direto. Os tratamentos consistiram no cultivo exclusivo das espécies e nos consórcios das gramíneas com as leguminosas. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições. O sorgo em cultivo exclusivo apresenta maior produtividade de matéria fresca e, juntamente com o milheto exclusivo e o consórcio milheto e mucuna-preta, maior produtividade de matéria seca. Ocorre maior acúmulo de nutrientes no milheto exclusivo e consorciado com mucuna-preta. Posteriormente, realizou-se o plantio direto do feijoeiro, cujo rendimento de grãos é influenciado pelas diferentes palhadas das plantas de cobertura no sistema plantio direto, sendo mais afetado pela espécie produtora de palha do que pela sua forma de cultivo.

  15. Relação entre plantas nativas do Cerrado e água

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonnardo Cruvinel Furquim

    2018-05-01

    Full Text Available A distribuição da vegetação no bioma Cerrado relaciona-se principalmente à profundidade do solo, uma vez que esta estabelece o estoque de nutrientes e de água no solo até o final da estação seca. O trabalho aborda a evolução das plantas nativas deste bioma, trazendo as principais adaptações anatômicas, fenológicas e fisiológicas relacionadas com a disponibilidade hídrica no solo. Redução na taxa de transpiração, investimento em sistemas radiculares espessados e profundos, dormência fisiológica de sementes e acúmulo de carboidratos não-estruturais em tecidos são as principais características adaptativas destas plantas às condições do Cerrado. Algumas espécies possuem eficiente mecanismo de ajustamento osmótico, sendo capazes de redistribuir água nos tecidos mesmo em condição de déficit hídrico, o que as permite, em taxas lentas, crescerem e se desenvolverem.

  16. Obtenção de plantas de feijão-caupi resistentes ao Cowpea severe mosaic virus e ao Cowpea aphid-borne mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislanne Brito Barros

    2013-06-01

    Full Text Available Dentre os vírus que infectam o feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp. destacam-se, respectivamente, pela severidade e ampla ocorrência o Cowpea severe mosaic virus (CPSMV e o Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV. Portanto, objetivaram-se, no presente trabalho, obter e avaliar plantas de feijão-caupi com resistência ao CPSMV e ao CABMV, visando ao desenvolvimento de cultivares essencialmente derivadas e novas cultivares. Realizaram-se oito cruzamentos seguidos de retrocruzamentos, utilizando a linhagem TE 97-309G-9 e a cultivar Patativa como genitores resistentes, e as cultivares BR3-Tracuateua, BRS-Urubuquara, BRS-Novaera, BRS-Guariba e Pretinho como genitores suscetíveis. As gerações F2 e F2RC1 foram desafiadas quanto à resistência por meio de inoculação mecânica com isolados do CPSMV e do CABMV. Nas gerações F2RC1, além da resistência foram avaliados os caracteres: número de dias para o início da floração, comprimento das vagens, número de grãos. vagem-1, peso de cem grãos e produção de grãos.planta-1. Todos os indivíduos F2 e F2RC1 foram analisados pelo teste χ² e se ajustaram à frequência esperada de 15 plantas suscetíveis 1 planta resistente a ambos os vírus. As médias das plantas F2RC1 resistentes, de cada retrocruzamento, foram comparadas com a média do seu respectivo genitor recorrente pelo teste 't' e as médias dos retrocruzamentos foram comparadas pelo teste de Scott-Knott. Foi detectada variabilidade genética entre os retrocruzamentos para todos os caracteres. Todos os retrocruzamentos foram considerados promissores para produção de cultivares essencialmente derivadas resistentes ao CPSMV e ao CABMV e as plantas selecionadas possuem características que possibilitam a seleção de linhagens com grãos de bom padrão comercial e altamente produtivas.

  17. Club de amigos de las Plantas Medicinales

    OpenAIRE

    de las Plantas Medicinales, Club de los Amigos

    2017-01-01

    El Club de Amigos de las Plantas Medicinales se instituye el 10 de noviembre de 1992.Es una institución sin fines de lucro, su finalidad es DIFUNDIR el conocimiento científico de las plantas medicinales.Sus orígenes se remontan al año 1981 cuando en el mes de setiembre se realizó el Primer Congreso de Plantas Medicinales, evento en el cual se tomó como uno de sus acuerdos -crear una organización que difundiera el conocimiento científico de las plantas medicinales.

  18. Avaliação da atividade antimicrobiana das partes aéreas (folhas e caules e raízes de Richardia brasiliensis Gomez (Rubiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adda Daniela Lima Figueiredo

    2009-12-01

    Full Text Available Richardia brasiliensis é uma planta utilizada popularmente como expectorante, emética, diaforética, vermífuga e para o tratamento de hemorróidas. O presente estudo objetivou realizar a prospecção fitoquímica e avaliar a ação antimicrobiana do extrato bruto das partes aéreas e raízes de R. brasiliensis. O extrato etanólico bruto foi obtido a partir do material botânico dessecado e pulverizado. O pó das partes aéreas e raízes foram submetidos à triagem fitoquímica. A atividade antimicrobiana foi realizada contra bactérias Gram-positivas esporuladas e não esporuladas, Gramnegativas e a levedura Candida albicans através da determinação da concentração inibitória mínima por diluição em ágar empregando-se o inoculador de Steers. A triagem fitoquímica evidenciou a presença de esteróides, triterpenóides, cumarinas, resinas, alcalóides e flavonóides. A CIM do extrato das partes aéreas variou de 0,37 a 0,74 mg/mL e das raízes de 0,74 a 11,9 mg/ mL. Concluiu-se que tanto o extrato etanólico bruto das partes aéreas quanto das raízes apresentaram atividade antimicrobiana. Palavras-chave: Atividade antimicrobiana. CIM. Plantas medicinais.

  19. Absorção de água pelas plantas: água disponível versus extraível e a produtividade das culturas Water absorption by plants: available versus extractable soil water and crop production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reimar Carlesso

    1995-01-01

    Full Text Available Um aspecto importante, no entendimento da relação entre a absorção de água e a produção das culturas, é como ocorre o balanço no suprimento de água do solo para satisfazer a demanda evaporativa da atmosfera. O suprimento de água é determinado pela habilidade da cultura em utilizar a água armazenada no solo e, a demanda, por outro lado, é determinada pela combinação dos fatores meteorológicos interagindo com o "dossel" vegetativo da cultura. Apesar da abundante literatura disponível, diferentes critérios tem sido utilizados na determinação do momento de ocorrência e da duração de um déficit hídrico. Muita ênfase tem sido dada para a quantificação do consumo de água pelas plantas nos diferentes subperíodos de desenvolvimento e reduzida importância tem sido conferida a quantificação da quantidade de água disponível (extraível e seus efeitos no crescimento e desenvolvimento das plantas. Na discussão sobre a extração de água pelas plantas deve-se considerar, primeiramente, o problema da precisão na definição dos limites de disponibilidade de água. Esta publicação apresenta uma análise crítica das limitações normalmente encontradas na utilização dos limites de disponibilidade de água. A relação entre a água disponível e a água extraível do solo é analisada a partir de resultados sobre a taxa de transpiração e a tração de água extraível, a profundidade efetiva de extração do sistema radicular e, a extração de água por unidade de profundidade.An important issue to understanding the effect of water shortage on crop yield is how crops balance the supply of water from the soil to match the demand for water from the atmosphere. Supply is determined by the crop ability to utilise the stored soil water and, demand, on the other hand, is determined by a combination of metereological factors interacting with the crop canopy. Different criteria have been used to determine the timing and

  20. Influência de extratos hidroetanólicos de plantas medicinais sobre a quimiotaxia de leucócitos humanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. M. Presibella

    Full Text Available Vários métodos in vitro têm sido empregados para a investigação das atividades biológicas de plantas usadas na medicina popular para o tratamento de processos inflamatórios. Neste trabalho, investigou-se a influência dos extratos hidroetanólicos de Rauvolfia sellowii Muell. Arg, Hybanthus bigibbosus (St.-Hil Hassler e Anchieta pyrifolia (Mart. G. Don, conhecidas popularmente como pau-pra-tudo, canela-de-veado e cipó-suma, respectivamente, sobre a quimiotaxia de leucócitos humanos, estimulados a migrar contra um gradiente de caseína, utilizando-se o método de Boyden. A dexametasona foi utilizada como substância de referência da inibição da quimiotaxia leucocitária. Os resultados demonstraram efeito inibitório significativo de todos os extratos das plantas testadas, sobre a migração de polimorfonucleares, induzida por caseína. Entretanto, essa atividade variou de intensidade conforme a concentração e a espécie estudada. Efeitos máximos foram observados, nas concentrações de 1000, 10 e 1µg/ml com os extratos de pau-pra-tudo, canela-de-veado e cipó-suma, respectivamente, com migração de 81,6±3,9%; 85,4±2,4% e 91,7±2,2% dos polimorfonucleares, enquanto que, com a dexametasona, este efeito foi de 70,3±5,9%. Embora estudos mais aprofundados sejam necessários, os resultados apresentados podem servir como base preliminar de dados, contribuindo para esclarecer o mecanismo da atividade antiinflamatória atribuída às essas plantas na medicina caseira.

  1. Um aroma no ar: a ecologia histórica das plantas anti-fantasma entre os Guajá da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loretta A. Cormier

    2005-04-01

    Full Text Available Entre as plantas medicinais dos Guajá da Amazônia oriental incluem-se várias usadas para repelir os fantasmas dos mortos. Esse artigo discute as plantas repelentes de fantasmas aiyã, em termos de seu significado simbólico, eficácia biológica, e contexto histórico-ecológico. Plantas repelentes de fantasmas são identificadas por seu odor pungente, que age sobre o odor fétido - causador de doenças - dos fantasmas dos mortos. A eficácia da cura pode também relacionar-se a sua interferência com o chamado "fenômeno proustiano", que se refere ao poder dos estímulos olfativos de evocar memórias do passado. Como tais, repelentes de fantasmas podem funcionar, em certo sentido, para afastar memórias e lidar com a dor da perda. Por fim, discutem-se evidências de que a predominância de repelentes de fantasmas entre as plantas medicinais dos Guajá é um efeito da baixa populacional maciça subseqüente ao contato europeu.The medicinal plants of the Guajá people of eastern Amazonia include a number of plants that are used to repel the ghosts of the dead. This work discusses the aiyã ghost repellent plants in terms of their symbolic meaning, biological efficacy, and historical ecological context. Ghost repellent plants are identified through their pungent smell, which counteract the disease-causing foul smell of the ghosts of the dead. The efficacy of the cure may also relate to its interference with the so-called "Proustian phenomenon," which refers to the power of olfactory stimuli to evoke memories of the past. As such, ghost repellent plants may function, in a sense, to repel memory and cope with grief. Finally, evidence is discussed the predominance of ghost repellent plants among the Guajá is an artifact of massive depopulation in the wake of European contact.

  2. Caracterização de Passiflora mucronata Lam.: nova alternativa de maracujá ornamental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Maria Molina Meletti

    2011-10-01

    Full Text Available No Brasil, a família Passifloraceae possui ampla diversidade genética devido ao elevado número de espécies nativas, entretanto, o valor ornamental da família ainda é praticamente inexplorado. Passiflora mucronata Lam. é uma das espécies nativas que integram o Banco de Germoplasma de Maracujazeiros do Instituto Agronômico (IAC, que estão sendo caracterizadas para fins ornamentais, em condições de campo, objetivando sua utilização comercial. Foram avaliados desenvolvimento vegetativo, época de florescimento, período de antese, compatibilidade, viabilidade polínica, produção de frutos, comportamento germinativo e longevidade das sementes. As flores de P. mucronata são brancas, fosforescentes e têm antese noturna, atraindo mariposas e morcegos. A viabilidade polínica permaneceu elevada (75,8%, desde a antese (18h00min h até a manhã seguinte. A espécie mostrou-se autoincompatível. A polinização cruzada resultou em frutos ovoides, com 14,82g de peso médio, 4,59cm de diâmetro longitudinal por 2,73cm de diâmetro equatorial. A casca do fruto é delgada, amarelo-canária quando totalmente maduro. A polpa apresentou pouca suculência, sem aroma característico, mas sabor agradável. As sementes são achatadas, de coloração marrom-enegrecida, com dormência quando recém-colhidas, o que pode ser superado efetivamente com armazenamento em câmara fria e seca mais choque térmico, associados. A longevidade das sementes foi de cerca de um ano. Os acessos avaliados de P. mucronata evidenciaram se tratar de uma planta de vigor vegetativo intermediário, tolerante ao frio, com intenso florescimento, que se estende por um longo período do ano. Em função destas vantagens adicionais, pode ser utilizada como planta ornamental, uma alternativa dentro do grupo das trepadeiras indicadas para cercas vivas ou caramanchões.

  3. Adubação e o período anterior à interferência das plantas daninhas na cultura do amendoim Effect of fertilization on weeds and on the period before weed interference in the peanut culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Yamauti

    2010-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo determinar o efeito da adubação sobre a comunidade infestante e sobre o período anterior à interferência (PAI das plantas daninhas na cultura do amendoim, cv. IAC Runner 886, em sistema convencional. Os períodos de convivência estudados foram: 0, 7, 15, 20, 30, 45, 55 e 126 dias após a emergência (DAE, totalizando oito tratamentos, dispostos em blocos casualizados, com quatro repetições, em dois níveis de adubação: 0 e 150 kg ha-1 da formulação 00-20-20 (N-P-K. A adubação não alterou a composição da comunidade infestante, destacando-se Cyperus rotundus, Eleusine indica, Indigofera hirsuta, Portulaca oleraceae e Sida rhombifolia como as espécies de maior importância relativa. Contudo, a densidade de plantas daninhas foi maior na área não adubada, mas sem afetar de modo diferenciado a massa seca acumulada por elas. O cultivar de amendoim IAC Runner 886 pode conviver com essa comunidade com e sem adubação por até 15 e 17 DAE (PAI, respectivamente, sem sofrer perdas significativas na produção. A interferência das plantas daninhas reduziu entre 31 e 34% a produtividade do amendoim para as áreas sem adubação e com adubação, respectivamente.This experiment was carried out to study the effect of fertilization on weed community and on the period before weed interference (PBI in peanut culture, IAC Runner 886, under a conventional till system. The weed control periods studied were: 0, 7, 15, 20, 30, 45, 55, and 126 days after emergence (DAE, totaling eight treatments, arranged in a randomized block design, with four replications and two levels of fertilization (0 and 150 kg ha-1 of formulation 00-20-20 (N-P-K. Fertilization did not affect the weed community, with the species Cyperus rotundus, Eleusine indica, Indigofera hirsuta, Portulaca oleracea and Sida rhombifolia being the most prominent at all levels of fertilization. However, weed density was higher in the non- fertilized

  4. Estado nutricional e teor de glicosídeos cianogênicos em plantas de seringueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Alexandra Cardoso Moraes

    2011-01-01

    Full Text Available A presença de altos teores de glicosídeos cianogênicos pode predispor a planta ao secamento de painel. O objetivo deste trabalho foi verificar a influência do estado nutricional na formação dos glicosídeos cianogênicos na seringueira, utilizando dois experimentos: a jardim clonal com copa de híbridos de Hevea pauciflora e H. guianensis var. marginata (CPAA C 01 e de H. rigidifolia (CPAA C 81; e b viveiro com H. brasiliensis. No jardim clonal foram coletadas ao acaso, folhas de 23 plantas, enquanto no viveiro, foi realizado experimento em delineamento inteiramente casualisado com cinco repetições, com tratamentos em esquema fatorial 2 x 4, com duas doses de nitrogênio - N (0,8 e 1,6%, fonte: uréia e quatro de manganês - Mn (0, 10, 50 e 100 mg kg-1. Na seringueira, independentemente da idade e da espécie de Hevea, os teores foliares de N, Mn e clorofila tiveram correlação positiva com o HCNp das folhas novas e diagnóstico, podendo assim serem utilizados em futuros processos de seleção. Em concentrações baixas de N (0,8%, as doses de Mn influenciaram a absorção de N, P, K, Ca, S, Fe e Mn pelas plantas de seringueira (Hevea brasiliensis, na fase de viveiro.

  5. O Uso de Medicamentos à Base de Plantas Medicinais por Médicos do SUS no Município de Teresópolis, RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karine da Silva Ribeiro

    2013-07-01

    Full Text Available A prática de utilizar elementos da natureza com finalidade de auxiliar o homem já é bastante antiga. Desde os tempos primitivos, plantas, animais e elementos químicos fazem parte dos “medicamentos” que o homem utiliza. Com o passar do tempo, baseado no conhecimento do homem, surgiram pesquisas a fim de verificar o potencial de certas plantas, a partir daí surgiram os fármacos compostos de matéria prima vegetal, pois surgiram do isolamento de alguns extratos vegetais. O objetivo deste trabalho é fazer um levantamento de dados a fim de obtermos informações sobre a prescrição de tratamentos à base de plantas medicinais e fitoterápicos por médicos do SUS (Sistema Único de Saúde, do município de Teresópolis, RJ. Foram entrevistados 18 médicos de diferentes especialidades, do ambulatório do UNIFESO. Do total de entrevistados, 83,3%, afirmou acreditar no potencial dos medicamentos à base de plantas medicinais e apoia o uso destes medicamentos, mas a maioria, 94,4%, diz não conhecer o programa, que é exatamente o que regulamenta o uso de plantas medicinais, e possui um “banco de dados” das plantas que tem sua “confiabilidade” verificada. O fato de a maioria dos médicos não terem conhecimento sobre o programa nacional de plantas medicinais, é algo preocupante, pois foi possível perceber na realização desta pesquisa, que alguns consideram o uso de plantas, ou de medicamentos à base de plantas medicinais uma forma de tratamento com menos efeitos colaterais, porém esta falta de informação sobre o programa não garante uma relação risco-benefício favorável. Assim, é de total importância que médicos formados e acadêmicos conheçam o programa nacional de plantas medicinais para uma possível implantação de programas que incentivem o de tratamentos à base de plantas medicinais pelo SUS como uma alternativa mais viável.

  6. Pré-condicionamento in vitro de plantas de cana-de-açúcar (Saccharum spp. para tolerância ao estresse salino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gemima M. de Melo

    Full Text Available RESUMO Avaliou-se a capacidade de adaptação à salinidade de mudas de cana-de-açúcar da variedade RB98710 após pré-condicionamento (priming in vitro com cloreto de sódio (NaCl. O experimento foi conduzido no período de maio a outubro de 2013. Plantas foram micropropagadas em biorreatores de imersão temporária, com tratamentos de priming caracterizados pela adição de 25 mM de NaCl, durante 0, 12, 24 e 36 horas. Concluídos os períodos de priming, as plantas foram cultivadas em meio de enraizamento sem NaCl, aclimatizadas e submetidas a tratamento salino gradativo: S0 = sem NaCl; S1 = regas com 20→40→60 mM de NaCl acrescido à solução nutritiva, durante 30 dias. Procedeu-se à supressão do NaCl e avaliaram-se as plantas 15 dias depois. As variáveis foram: matéria seca da parte aérea (MSPA e radicular (MSR, número de perfilhos, estimativa de clorofila (Chl, conteúdo hídrico relativo e dano de membrana. As plantas pré-condicionadas não reduziram a MSPA quando submetidas ao NaCl. O efeito do estresse salino sobre a MSR foi anulado nas plantas submetidas ao priming por 24 h. O priming favoreceu o perfilhamento das plantas dos tratamentos por 24 ou 36 h. A recuperação após o estresse, avaliado 15 dias após a supressão do NaCl, não diferiu entre plantas submetidas ou não ao priming. De acordo com os resultados, o priming utilizado na variedade RB98710, pode favorecer a tolerância à salinidade.

  7. SISTEMA AUTOMÁTICO DE FORNECIMENTO DE SOLUÇÃO NUTRITIVA PARA CULTIVO HIDROPÔNICO DE PLANTAS EM VASOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maia Nilson Borlina

    1999-01-01

    Full Text Available Desenvolveu-se um sistema automático de fornecimento de solução nutritiva com o objetivo de melhorar os resultados obtidos em trabalhos de pesquisa envolvendo a nutrição de plantas cultivadas em hidroponia. O sistema consiste de um conjunto de reservatórios equipados com moto-bombas individuais, dotados de bóias para controle dos níveis das soluções nutritivas nos vasos e um temporizador. O cultivo de plantas de hortelã (Mentha crispa mostrou que a produção de folhas obtida com o sistema automático foi cerca de três vezes maior que a produção obtida com o sistema convencional. Constatou-se variação de concentrações dos nutrientes na parte aérea e raízes quando se comparou o sistema automático e convencional.

  8. Plantas hospedeiras de lepidópteros minadores em pomar de citros em Montenegro-RS Host plants of lepidoptera leafminers in citrus orchard in Montenegro- RS, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira dos Santos

    2008-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos verificar e identificar lepidópteros minadores em plantas de crescimento espontâneo, presentes em pomar de citros, e verificar se o "minador-das-folhas-dos-citros", Phyllocnistis citrella (Lepidóptera: Gracillariidae, ocorre nessas plantas espontâneas. O trabalho foi conduzido em um pomar de tangoreiro 'Murcott', em Montenegro- RS. Realizaram-se amostragens quinzenais, de maio de 2003 a maio de 2004, coletando-se, em cada ocasião, todas as plantas e/ou ramos com minas, contidas na área delimitada por um aro de 0,28 m2, que era jogado nas linhas e nas entrelinhas de 30 árvores sorteadas. As plantas hospedeiras dos minadores foram coletadas para identificação. Registraram-se 11 espécies de lepidópteros minadores, distribuídas em seis famílias, coletadas em 15 espécies de plantas hospedeiras de nove famílias botânicas. A comunidade de plantas de crescimento espontâneo, na área amostrada, hospedou uma vasta diversidade de lepidópteros minadores, incluindo até possíveis novas famílias, porém não hospedaram P. citrella.This study aimed to verify and to identify Lepidopterous leafminers in plants of spontaneous growth present in citrus orchard and to verify the occurrence of "citrus leafminer", Phyllocnistis citrella (Lepidoptera: Gracillariidae, on those plants of spontaneous growth. The work was conducted in Montenegro, RS, in a tangor 'Murcott' hybrid orchard. Samplings were taken every fortnightly, from May, 2003 to May, 2004, collecting in each occasion all plants and or branches with mines found in a area delimited by an 0.28 m² arch thrown in the lines and between lines of 30 randomly chosen trees. The host plants of the leafminers were collected for identification. Eleven species of Lepidoptera leafminers were found distributed in six families, collected in 15 species of host plants of nine botanical families. The community of plants of spontaneous growth in the studied area hosted a

  9. Onion seedling production in styrofoam trays under controlled environment, as summer-planted onions Plantas de cebola produzidas em bandejas sob cultivo protegido, no verão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Cristina Veiga De Vincenzo

    2003-02-01

    Full Text Available Summer-planted onion (Allium cepa L. can increase grower profits, but the production of seedlings for transplant is difficult. This experiment was carried out in Piracicaba, SP, Brazil, with the objective of studying the behavior of the short-day onion hybrid Mercedes, in its initial stage, under controlled greenhouse environment, as summer-planted onions. Four formulated substrates, two different numbers of plants per cell were tested, and 288-cell styrofoam trays used. Trials were set up in split-plot design (n=3. Substrate and number of plants per cell represented main plots, and N application (2 and 3 times a week the subplots. The number of three plants per cell decrease the earlier onset of bulbing and increase plant height; substrates did not show differences; and the N application 3 times a week increased plant height and leaf dry weight, but did not result in earlier onset of bulbing.Uma das dificuldades do cultivo do verão da cebola (Allium cepa L., que permite maior lucro pois esta é a época de entressafra, é a produção de plantas para o transplante. Com o objetivo de verificar o comportamento na fase de muda do híbrido Mercedes, sob cultivo protegido como cultura de verão, o experimento foi instalado em estufa, em Piracicaba, SP com bandejas de isopor de 288 células. Foram testados quatro substratos. e dois números de plantas por células (3 e 4 plantas/célula, sendo sub-plot a suplementação mineral com nitrogênio 2 e 3 vezes por semana com nitrato de cálcio + nitrato de potássio. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com fatorial 4 x 2 em parcelas subdivididas, e três repetições. A densidade de três plantas por célula apresentou menor taxa de bulbificação precoce e maior altura da planta; não houve diferença quanto aos substratos e que a aplicação de nitrogênio três vezes por semana apresentou os maiores valores de altura da planta e peso da matéria seca da parte aérea, n

  10. Estudos experimentais em coelhos com plantas cianogênicas Experiments in rabbits with cyanogenic plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene F. Brito

    2000-06-01

    Full Text Available A administração por via oral das folhas dessecadas de Piptadenia macrocarpa (Benth. [=Anadenanthera macrocarpa (Benth. Brenan], Piptadenia viridiflora (Kunth. Benth. e Holocalyx glaziovii Taub. [=Holocalyx balansae Micheli], plantas cianogênicas da família Leguminosae Mimosoideae, revelou a sensibilidade do coelho à elas, caracterizando-se a intoxicação por sintomatologia de natureza neuromuscular. A dose letal de P. macrocarpa foi de 6 g/kg para a brotação dessecada, até 5 meses após sua coleta; 6 meses depois da coleta a planta havia perdido a toxidez. A dose letal de P. viridiflora foi também de 6 g/kg para a brotação dessecada, coletada dois meses antes dos experimentos; 10 meses após a coleta a planta havia perdido metade da toxidez. Com H. glaziovii foram realizadas duas séries experimentais; estabeleceu-se a dose letal entre 0,75 e 1,5 g/kg com a planta coletada 2 meses antes, também com perda aproximada de metade da toxidez no período de 12 meses. O experimentos indicam, que H. glaziovii, moída logo após a coleta e armazenada em vidros fechados com tampa plástica, conserva melhor a toxidez nos primeiros meses do que a planta guardada em sacos de algodão, porém, ao final de um ano, essa diferença deixa de existir. A toxidez das folhas dessecadas foi proporcional à intensidade das reações das mesmas ao teste do papel picro-sódico, com raras exceçõesThe dried leaves of Piptadenia macrocarpa Benth. [=Anadenanthera macrocarpa (Benth. Brenan], Piptadenia viridiflora (Kunth. Benth. and Holocalyx glaziovii Taub.[=Holocalyx balansae Micheli], all trees of the Leguminosae Mimosoideae family, were given orally to rabbits in single doses. In the case of H. glaziovii, leaves were fed after being stored in two different ways. In the first series of experiments, Piptadenia macrocarpa failed to poison rabbits although the leaves were collected when sprouting, the most toxic stage for cattle. The experiments were performed 4

  11. Atividade antioxidante das folhas de espinheira-santa - Maytenus ilicifolia Mart. ex Reiss., secas em diferentes temperaturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Myrian Lane Soares Negri

    Full Text Available Maytenus ilicifolia Mart. ex Reiss, a espinheira-santa verdadeira, é largamente utilizada para tratamento de gastrites e úlceras estomacais. O seu valor terapêutico é atribuído principalmente aos polifenóis (flavonóides e taninos e triterpenos. Os polifenóis são bastante estudados e estão relacionados à atividade antioxidante exercida pela planta. Existem vários métodos para avaliar a atividade antioxidante, a qual pode ser medida a capacidade antioxidante total utilizando o método de formação do complexo fosfomolibdênio e a atividade antioxidante em relação à redução de um radical, utilizando-se o DPPH (2,2-difenil-1-picrilhidrazila. A atividade antioxidante das folhas de espinheira-santa seca em diferentes temperaturas foi avaliada, visando verificar a possível influência das temperaturas de secagens e seu poder antioxidante. Foram utilizadas cinco temperaturas (40, 50, 60, 70 e 80 ºC e uma temperatura de secagem de rotina, de um produtor/beneficiador de plantas medicinais. As menores temperaturas apresentaram as maiores atividades antioxidantes.

  12. Plantas medicinais consumidas em Cochim, no século XVI e na atualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Maria Madaleno

    Full Text Available O objetivo primacial desta pesquisa é investigar como solucionam os habitantes de Cochim, na Índia, seus problemas de saúde, quando não podem aceder aos sistemas convencionais ou quando optam por aceder a sistemas alternativos, na modernidade. O objetivo específico da pesquisa é compilar as espécies vegetais de uso terapêutico no século XVI e compará-las com as atuais. A flora indiana, em particular as especiarias, tem fascinado a humanidade desde o início dos tempos. Em 1498, os portugueses descobriram o caminho marítimo para a Índia e, durante os dois séculos seguintes, o pequeno país europeu dominou o comércio mundial com o oriente. Seguindo a rota das especiarias, o Instituto de Investigação Científica Tropical (IICT organizou, recentemente, uma missão científica a Kerala, a fim de investigar os frutos, os legumes, os condimentos, os tubérculos e as plantas medicinais cultivadas em jardins e pátios traseiros, vendidos em mercados e feiras, e recomendados pela medicina Ayurvédica, na cidade de Cochim. O ponto de partida foi a leitura de quatro manuscritos do século XVI que enumeravam as plantas aromáticas, condimentares e medicinais da Índia renascentista. Os resultados demonstram que um número substancial de plantas colhidas durante a missão do IICT, em 2013, já era usado na Índia, no século XVI.

  13. Influência de fatores fisiológicos de plantas-matrizes e de épocas do ano no pegamento de diferentes métodos de enxertia do umbuzeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Francisco Pinheiro de

    2002-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de verificar a influência de fatores fisiológicos das plantas-matrizes de umbuzeiro (Spondias tuberosa Arruda., as épocas de realização e os métodos de enxertia, sobre o pegamento de enxertos desta espécie, foram conduzidos cinco experimentos sob condições de viveiro, na Embrapa Semi-Árido, em Petrolina-PE. Os experimentos foram instalados nos meses de janeiro, março, maio, julho e setembro de 1998. O delineamento utilizado foi em blocos ao acaso, com três tratamentos e oito repetições. Os tratamentos foram: garfagem em fenda cheia e à inglesa simples e borbulhia em "T" invertido. Os garfos foram colhidos de acordo com o ciclo fenológico das plantas-matrizes, correspondendo às fases de crescimento vegetativo, reprodutivo e de dormência, quando então se realizaram as avaliações dos fatores fisiológicos. Os fatores fisiológicos (fotossíntese, potencial hídrico e condutância estomática, observados na planta-matriz, nas diferentes fases fenológicas, não influenciaram o índice de pegamento dos diferentes métodos de enxertia. Os métodos de enxertia por garfagem em fenda cheia e à inglesa simples apresentaram maiores índices médio de pegamento, de 97,1 e 92,4%, respectivamente. O material vegetativo (garfos colhido nas diferentes fases fenológicas da planta-matriz não afetou o índice de pegamento do processo da enxertia, o que amplia a oferta de mudas ao longo do ano devido à oferta de material propagativo.

  14. Plant regeneration from cotyledonary explants of Eucalyptus camaldulensis Regeneração de plantas de Eucalyptus camaldulensis a partir das explantes cotiledonares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberson Dibax

    2005-08-01

    -benzilaminopurina (BAP. O tratamento mais eficiente em termos de regeneração indireta de gemas foi 2,7 µmol L-1 de ANA combinado com 4,44 µmol L-1 de BAP, o qual foi utilizado nos experimentos posteriores. A manutenção dos explantes no escuro durante os trinta primeiros dias elevou a porcentagem de explantes com calos e reduziu a morte dos explantes, em comparação com os que permaneceram na luz. Modificações da composição mineral do meio MS foram comparadas e mostraram que a redução de metade dos sais foi tão eficiente para a formação de gemas (54% dos explantes quanto o meio completo (47%. O meio de cultura com a concentração de íons nitrato e amônio reduzida à metade e 0,2% de carvão ativado apresentou-se adequado para o alongamento e enraizamento das brotações que atingiram uma altura de 1 a 8 cm depois de 30 dias. O processo completo representa um protocolo eficiente para a regeneração de plantas de Eucalyptus camaldulensis, uma vez que reduz o número de etapas para a obtenção de plantas completas.

  15. Seedlings of Jasminum mesnyi Hance produced in substrates based on composted sewage sludge

    OpenAIRE

    Scheer, Maurício B.; Carneiro, Charles; Bressan, Otávio A.; Santos, Kaline G. dos

    2012-01-01

    Entre as alternativas de disposição de resíduos urbanos está o reaproveitamento do lodo de esgoto no cultivo de plantas ornamentais e florestais. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o crescimento de Jasminum mesnyi (jasmim amarelo) em substratos à base de lodo de esgoto aeróbio compostado com resíduos de podas de árvores trituradas, com diferentes níveis de fertilizante e comparar o desempenho em relação às mudas produzidas em substrato comercial à base de casca de Pinus compostada e ver...

  16. Mudas de Jasminum mesnyi Hance produzidas com substratos à base de lodo de esgoto compostado

    OpenAIRE

    Scheer,Maurício B.; Carneiro,Charles; Bressan,Otávio A.; Santos,Kaline G. dos

    2012-01-01

    Entre as alternativas de disposição de resíduos urbanos está o reaproveitamento do lodo de esgoto no cultivo de plantas ornamentais e florestais. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o crescimento de Jasminum mesnyi (jasmim amarelo) em substratos à base de lodo de esgoto aeróbio compostado com resíduos de podas de árvores trituradas, com diferentes níveis de fertilizante e comparar o desempenho em relação às mudas produzidas em substrato comercial à base de casca de Pinus compostada e ver...

  17. Uso da técnica da radiohormese para aumento no desenvolvimento de plantas de alho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Cristina Aparecida Santos Silva

    2014-05-01

    Full Text Available O alho tem se destacado não só como uma das principais fontes de temperos dentro da gastronomia, como também um importante vetor de estudo agronômico tanto pela sua peculiar característica de cultivo como pela aplicação das propriedades na quebra de dormência em cultivares como maçã e pera. Este trabalho teve como objetivo aplicar a técnica da radiohormese em bulbos de alho para avaliação do potencial desenvolvimento de suas mudas. Foi desenvolvido no laboratório de Radiobiologia e Ambiente – CENA/USP, utilizando bulbos de alho obtidos no comércio local que, após prévia seleção, foram submetidos aos tratamentos pela radiação gama, nas doses 0 (controle 15, 50, 75 e 100kGy numa taxa de dose de 0,456Gy/h. De acordo com os resultados obtidos pode-se observar que as doses utilizadas influenciaram negativamente a germinação das plantas de alho, devendo portanto que sejam realizados novos testes afim de que se obtenha a dose adequada para este fim.

  18. Caracterização morfológica de plantas de rambutan = Morphological characterization of rambutan plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Andrade

    2009-10-01

    Full Text Available Em certas espécies vegetais, a distinção entre variedades pode ser realizada com base em aspectos morfológicos das plantas, o que permite a identificação mesmo quando não apresentam flores e/ou frutos. Diante disso, realizou-se o presente trabalho cujo objetivo foi a caracterização morfológica e o agrupamento de plantas de rambutan. Foram avaliados: altura da planta (cm, diâmetro e geometria da copa (entre linhas e entre plantas,em cm, diâmetro do tronco (cm e disposição dos ramos no tronco, tamanho de folhas efolíolos (comprimento e largura, em cm, número de folíolos,comprimento da ráquis (cm,comprimento do pecíolo (cm, área foliar (cm2, vigor das plantas, sensibilidade ao frio,formato dos folíolos, pilosidade, coloração dos folíolos (faces superior e inferior, tipo de nervação e disposição dos folíolos na ráquis. Os dados foram submetidos à análise de agrupamento pelo método UPGMA, a partir da distância de Mahalanobis. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que o uso de descritores morfológicos é eficiente nadeterminação de divergência genética entre os materiais de rambutan estudados, não sendo,porém, possível sua distinção visual, por não existir uma característica discriminatória satisfatória.In some vegetable species, the distinction between varieties can be made based on morphological aspects of the leaves, permitting the differentiation even when these ones do not display flowers and/or fruits. Consequently, the present research was conducted, aiming at the morphological characterization and grouping of rambutan plants. Were evaluated: plant height (cm, cup diameter and geometry (between lines and plants, in cm, trunk diameter (cm, leaves and leaflet size (length and width, in cm, leaflet number, stem length (cm,length of the petiolate (cm, left area (cm², plant vigor, cold sensibility, leaflet format,pilosity, coloration of the leaflet (inferior and superior sides, veining

  19. Absorção e distribuição de chumbo em plantas devetiver, jureminha e algaroba Absorption and distribution of lead in vetiver, mimosa and mesquite plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jailson do Carmo Alves

    2008-06-01

    Full Text Available O uso de plantas como agentes remediadores de áreas contaminadas com metais pesados (fitorremediação é uma técnica emergente, sendo necessários estudos sobre tolerância, absorção e distribuição destes elementos em plantas para se obter sucesso em programas dessa natureza. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância, absorção e distribuição de Pb em plantas de vetiver [Vetiveria zizanioides (L. Nash], jureminha [Desmanthus virgatus (L. Willd] e algaroba [Prosopis juliflora (SW DC], submetidas a doses crescentes do elemento em solução. As espécies foram cultivadas em estufa telada do DSER/CCA/UFPB, Areia-PB, em solução nutritiva que continha doses crescentes de Pb (0, 50, 100 e 200 mg L-1, por 45 dias. O delineamento empregado foi o inteiramente casualizado, em parcela subdividida, com três repetições. A parcela principal foi representada pelas espécies, enquanto a subparcela foi constituída pelas doses de Pb. Foram constatadas reduções significativas na matéria seca da raiz, parte aérea e planta inteira das três espécies estudadas de acordo com a elevação das doses de Pb. Com base nas doses críticas de toxidez, constatou-se que o vetiver demonstrou maior tolerância à contaminação com Pb que as demais espécies. A raiz apresentou maior sensibilidade à contaminação com Pb nas plantas de vetiver e algaroba, tendo a jureminha apresentado comportamento similar entre os compartimentos da planta. Os teores e conteúdos de Pb nos compartimentos das plantas foram significativamente alterados pela elevação das doses de Pb em solução, tendo sido verificado maior acúmulo deste elemento nas raízes das três espécies estudadas. O vetiver apresentou maiores teores e conteúdos de Pb em todos os compartimentos, evidenciando o seu potencial para programas de fitorremediação de áreas contaminadas com Pb.The use of plants for phytoremediation of metal-contaminated areas is an emerging technology

  20. Efeito da adubação orgânica e mineral no crescimento de plantas de orégano cultivadas em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanuze Costa de Oliveira

    2015-12-01

    Full Text Available O orégano é uma das plantas aromáticas e condimentares mais utilizadas no Brasil e a maior parte do produto consumido é proveniente de importação, mesmo o País apresentando condições de clima e solo favoráveis para o cultivo desta erva.  Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da adubação orgânica e mineral em plantas de orégano cultivado sob malha colorida. Foi adotado o esquema fatorial 4x4 (sendo quatro ambientes de luz modificada e quatro fontes de nutrientes: Latossolo Amarelo, esterco bovino, composto orgânico e NPK, adotou-se o DIC com seis repetições. Avaliaram-se as seguintes características de crescimento: altura das plantas, produção de massa seca e razão de peso foliar. Constatou-se que as plantas adubadas com esterco bovino obtiveram maior altura e maior produção de massa seca; e as plantas cultivadas no ambiente protegido pela malha azul tiveram maior altura, massa seca de raiz e massa seca total.Effect of organic and mineral fertilizers in growth of oregano's plants grown in protected environmentAbstract: The oregano is one of aromatic and spice plants most used in Brazil and the more part of the to consumption comes from imports, even the Country presenting favorable conditions of soil and climate for growing this herb. This study aimed to evaluate the effect of organic and mineral fertilizer in oregano plants cultivated under colored mesh. It was adopted a factorial scheme 4x4 (four modified light environments and four sources of nutrients: Oxisol, bovine manure, organic compound and NPK, was adopted the DIC with six replications. We evaluated the following growth characteristics: plant height, dry matter yield and leaf weight ratio. We evaluated the following growth characteristics: plant height, dry matter yield and leaf weight ratio. It was found that plants fertilized with bovine manure had presented greater height and higher production of dry matter; and plants grown under blue net had

  1. Plantas cubanas con efecto antiinflamatorio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ada Ivis Regalado Veloz

    Full Text Available La actividad antiinflamatoria suscita gran interés científico en el área farmacológica, debido a que muchas enfermedades en su evolución cursan por procesos inflamatorios (artritis reumatoide, ateroesclerosis, cáncer, diabetes, gota, asma, dermatitis, trastornos neurodegenerativos y diversas dolencias menores. Las enfermedades inflamatorias constituyen un problema de salud importante, debido a la falta de medicamentos eficaces y seguros para su uso por periodos prolongados. Hoy en día se trabaja en la búsqueda de alternativas de antiinflamatorios más seguros, en el que las plantas medicinales, una de las formas más antiguas de tratamiento, constituyen una elección a considerar. En este trabajo se realizó una revisión bibliográfica, sobre especies de plantas que crecen en Cuba que le reportan propiedades farmacológicas como antinflamatorios. En la revisión de la literatura se utilizó la base de datos Medline (vía PubMed, así como revistas nacionales desde el periodo de 2000 hasta el presente, con las palabras claves "inflamación" y "plantas cubanas antiinflamatorias" o "actividad antiinflamatoria" y "plantas medicinales".

  2. UTILIZAÇÃO DE PLANTAS MEDICINAIS PARA O TRATAMENTO DA DEPRESSÃO: UMA PROSPECÇÃO TECNOLÓGICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonia Amanda Cardoso Almeida

    2013-06-01

    Full Text Available Os estudos com plantas medicinais são crescentes devido à sua capacidade de produzir moléculas com atividade terapêutica, utilizadas para diversos fins terapêuticos. Muitas atividades biológicas atribuídas às plantas foram comprovadas, dentre elas a atuação no sistema nervoso central sendo utilizadas para o tratamento e/ou prevenção de transtornos psicossociais como ansiedade e depressão. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi realizar uma prospecção tecnológica do uso de plantas medicinais para o tratamento e/ou prevenção do transtorno de ansiedade por meio do mapeamento de patentes nas bases de dados do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI, Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI, Banco Europeu de Patentes (BEP e no Banco Americano de Marcas e Patentes (BAMP. A classificação internacional mais abundante nessa prospecção foi A61K, que trata de preparações para finalidades médicas, odontológicas ou higiênicas. O maior número de patentes foi depositado nos últimos 5 anos. Dentre os maiores depositários, estão Japão e China.

  3. Azafenidin: novo herbicida para o controle de plantas daninhas em Eucalyptus camaldulensis Azafenidin: a new herbicide for weed control in Eucalyptus camaldulensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Constantin

    2000-01-01

    Full Text Available Um experimento de campo foi conduzido em Presidente Castelo Branco-PR, com o objetivo de avaliar a seletividade do herbicida azafenidin para a cultura de Eucalyptus camaldulensis, assim como sua eficácia no controle de algumas plantas daninhas infestantes nessa cultura. Azafenidin foi aplicado nas doses de 300, 400, 500 600 e 800 g i.a. ha-1, em pré-emergencia das plantas daninhas. Tratamentos adicionais, incluindo oxyfluorfen (720 g i.a. ha-1, uma testemunha capinada e outra testemunha sem capina, foram também incluídos. Tanto azafenidin quanto oxyfluorfen provocaram sintomas de toxicidade na cultura; no primeiro, as injúrias foram mais intensas em doses ³ 600 g i.a. ha-1. Em relação ao controle de plantas daninhas, doses de azafenidin a partir de 500 g i.a. ha-1 foram efetivas no controle de Brachiaria decumbens, Commelina benghalensis, Richardia brasiliensis e Sida santaremnensis, mesmo 180 dias após a aplicação. Doses menores de azafenidin resultaram em controle suficiente da maioria das plantas daninhas, mas com menor efeito residual.A field experiment was conducted at Presidente Castelo Branco, PR, Brazil, to evaluate the selectivity of the herbicide azafenidin to the crop Eucalyptus camaldulensis, as well as its efficacy to control some infesting weeds in this crop. Azafenidin was applied under pre-emergence conditions, at rates of 300, 400, 500, 600 and 800 g a.i. ha-1. Additional treatments, including oxyfluorfen (720 g a.i. ha-1, a weed free and a weeded check plots were also included. Both azafenidin and oxyflluorfen caused crop symptoms of phytotoxicity, with injuries being more intense for azafenidin at rates ³ 600 g a.i. ha-1. For weed control, rates of azafenidin at 500 g a.i. ha-1 or higher were effective in controlling Brachiaria decumbens, Commelina benghalensis, Richardia brasiliensis and Sida santaremnensis, even at 180 days after application. Lower rates of azafenidin provided enough control of most weeds, but

  4. A new method for estimating the leaf area index of cucumber and tomato plants Um novo método para estimar o índice de área foliar de plantas de pepino e tomate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Favaro Blanco

    2003-12-01

    Full Text Available Non-destructive methods of leaf area measurement are useful for small plant populations, such as experiments with potted plants, and allow the measurement of the same plant several times during the growing period. A methodology was developed to estimate the leaf area index (LAI of cucumber and tomato plants through the evaluation of the leaf area distribution pattern (LADP of the plants and the relative height of the leaves in the plants. Plant and leaf height, as well as the length and width of all leaves were measured and the area of some leaves was determined by a digital area meter. The obtained regression equations were used to estimate the leaf area for all relative heights along the plant. The LADP adjusted to a quadratic model for both crops and LAI were estimated by measuring the length and width of the leaves located at the relative heights representing the mean leaf area of the plants. The LAI estimations presented high precision and accuracy when the proposed methodology was used resulting in time and effort savings and being useful for both crops.Métodos não destrutivos para a medição da área foliar são úteis para pequena população de plantas, como experimentos com plantas conduzidas em vasos, e permitem que a mesma planta seja medida várias vezes durante o período de cultivo. O objetivo desse trabalho foi desenvolver uma metodologia para a estimativa do índice de área foliar (IAF do pepino e do tomate pela determinação do padrão de distribuição de área foliar (PDAF das plantas e da altura relativa da folha que representa a área foliar média da planta. A altura da planta e da folha, assim como o comprimento e a largura de todas as folhas, foram medidos e algumas folhas tiveram sua área determinada por um medidor digital de área foliar. As equações de regressão obtidas foram utilizadas para estimar a área foliar para todas as alturas relativas ao longo da planta. O PDAF ajustou-se a um modelo quadr

  5. Sistemas de produção de grãos e incidência de plantas daninhas Weed incidence in grain production systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.S.A Castro

    2011-01-01

    Full Text Available O sistema de semeadura direta e os diferentes sistemas de produção nele adotados podem contribuir para a supressão de plantas infestantes. Em razão disso, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o controle de plantas daninhas em função de diferentes sistemas de produção de grãos. Os tratamentos utilizados foram: I. Sistema "safra-pousio" - soja/ pousio/milho/pousio/arroz/pousio/soja; II. Sistema "safra-adubo verde" - soja/milheto/ milho/guandu/arroz/crotalária/soja; III. Sistema "safra-safrinha" - soja/aveia-branca/milho/ feijão-da-seca/arroz/mamona/soja; IV. Sistema "safra - forrageira"- soja + braquiária/milho + braquiária/arroz + braquiária/soja. Em novembro de 2009 (após três safras agrícolas, foi realizado o levantamento de plantas daninhas infestantes. Para isso, foi utilizado um quadro (0,3 x 0,3 m, lançado aleatoriamente quatro vezes dentro de cada parcela. As plantas foram identificadas, bem como feita a determinação do número total das espécies invasoras, da massa seca e da porcentagem de controle das espécies de acordo com o sistema de produção. Foi realizada ainda a análise fitossociológica da comunidade de plantas daninhas infestantes. Os sistemas safra-adubo verde, safra-safrinha e safra-forrageira apresentaram bom controle de plantas infestantes quando comparados ao sistema safra-pousio. Portanto, a presença de algum tipo de cobertura é importante para manter as características do solo favorável e um bom controle de plantas invasoras.Tillage and other agricultural production systems can contribute to weed suppression. Thus, the objective of this study was to evaluate weed control using different grain production systems. The treatments were: I. "Harvest-fallow" System- soybean/fallow/corn/fallow/rice/ fallow/soybean; II. "Harvest-green manure" System-soybean/millet/maize/pigeon pea/rice/ Crotalaria/soybean; III. "Harvest-out of season" System-soy/white oats/corn/dry bean/rice/castor oil

  6. Growth and cations accumulation in moringa plants cultivated in saline soils Crescimento e acúmulo de cátions em plantas de moringa mantidas em solos salinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Lucineudo Oliveira Freire

    2012-03-01

    Full Text Available

    The aim of this work was to evaluate the salinity effects on growth and dry matter and cations accumulation in moringa plants (Moringa oleifera. The experiment was conducted in completely randomized design, with four treatments, consisting of four soils (electrical conductivity (EC 0.49 (control, 4.15, 6.33, 10.45 dS m-1 with four replications. Initially the plants were grown in rigid tubes, and 30 days after emergence, were transferred to pots containing 10 kg of soil, according to the salinity treatment. The parameters evaluated were plants height and dry matter and N, K, Ca, Mg and Na accumulation in shoots and roots. The salinity is detrimental to initial plant growth and cation accumulation in shoots and roots plants. Young moringa plants were not effective in inhibiting the absorption of Na and its translocation to the shoot.

     

    doi: 10.4336/2012.pfb.32.69.45

    Com o objetivo de avaliar os efeitos da salinidade no crescimento e acúmulo de massa seca e cátions em plantas jovens de moringa (Moringa oleifera, testaram-se quatro tipos de solos, nas condutividades elétricas (C.E. 0,49 (controle, 4,15, 6,33 e 10,45 dS m-1. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. As plantas cresceram inicialmente em tubetes rígidos e, aos 30 dias após a emergência, foram transferidas para vasos contendo 10 kg de solo, de acordo com o tratamento de salinidade. A salinidade prejudica o crescimento inicial das plantas e acúmulo de cátions na parte aérea e nas raízes das plantas. Na fase inicial de crescimento, as plantas de moringa não inibem a absorção de Na e sua translocação para a parte aérea.

     

    doi: 10.4336/2012.pfb.32.69.45

  7. Estudo Etnobotânico de plantas medicinais utilizadas pela Comunidade do Sisal no município de Catu, Bahia, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.R.G Neto

    2014-12-01

    Full Text Available A utilização de plantas medicinais é instintiva nos animais, visto que alguns destes buscam raízes, cascas, folhas ou frutos na tentativa de resolver seus males. O homem, por sua vez, aprendeu a utilizar estas informações empiricamente para fazer uso destes vegetais. A medicina popular é uma importante alternativa, provavelmente, a mais usada para a cura de doenças por parte de populações indígenas, quilombolas ou rurais. A Etnobotânica, por sua vez, encarrega-se de estudar e interpretar essa relação dos homens com o mundo vegetal. Devido ao seu grande potencial biológico e cultural, o Brasil apresenta uma infinidade de conhecimentos tradicionais e espécies vegetais importantes, o que torna esse país uma grande fonte de pesquisa na área. Visando avaliar o conhecimento tradicional da população rural do Sisal, Catu/Bahia, relacionado ao uso de plantas medicinais, este trabalho iniciou-se em julho de 2009, constando de entrevistas semi-estruturadas e estruturadas, gravações, registros fotográficos, coleta do material botânico indicado nas entrevistas com os informantes, tratamento do material coletado e incorporação ao Herbário da Universidade do Estado da Bahia (HUNEB. Foram identificadas e coletadas 54 espécies distribuídas em 46 gêneros e 28 famílias, sendo Lamiacaeae e Asteraceae as mais representativas. A maioria das plantas é constituída de ervas e cultivada nos quintais dos moradores. O estudo revelou que a comunidade apresenta uma medicina popular bastante rica, com grande diversidade de espécies vegetais e usos por parte da população.

  8. Avaliação nutricional de plantas de erva-mate atacadas e não-atacadas pelo Hedypathes betulinus (Klug, 1825.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geedre Adriano Borsoi

    2010-08-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 A pesquisa teve por objetivo avaliar e comparar os teores nutricionais de plantas de erva-      -mate, Ilex paraguariensis St. Hil., atacadas e não-atacadas pela broca-da-erva-mate Hedypathes betulinus (Klug, 1825 (Col.: Cerambycidae, para identificar possíveis desequilíbrios nutricionais no solo e nas folhas. A área amostrada está localizada no município de Catanduvas, SC. O erval estudado é homogêneo, com idade de 8 anos e densidade de 2.100 plantas/ha. As amostragens de folhas e de solo foram realizadas nos meses de fevereiro e abril de 1999. As amostras foram submetidas à análise química, em Laboratório de Análise Química. Foram interpretados os teores para cada elemento químico,  realizaram-se os testes de comparações de médias "t" e "f" e  o teste de homogeneidade de variâncias.  Observou-se que o solo apresenta teores considerados adequados de N e P, teores baixos de K, Ca e Mg e altos para S, B, Fe, Mn, Zn, Cu, Na, Al, Al+H, Ph e SMP, para a erva-mate. Já na análise foliar, as plantas apresentam teores considerados adequados de K, Ca, B, Zn e Na, teores baixos de P, Mn e S e altos de N, Mg, Fe, e Cu. Nessa análise, chamou a atenção, as altas concentrações de N e os baixos níveis de S no tecido foliar. O teste "t" registrou diferença significativa para o P do solo e de folhas e o teste "f", revelou o ferro do solo, como elemento químico com diferença significativa entre as médias das duas condições de plantas. O P e o Fe do solo e ainda, o K, S e Mn de folhas foram os elementos químicos que registraram heterogeneidade significativa de variâncias. Das variáveis estudadas, as plantas atacadas foram as que revelaram maior variação entre as médias.

  9. Bioatividade de extratos aquosos de plantas medicinais em sementes de feijão-fava

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.A.C Nobre

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi avaliar a bioatividade de extratos aquosos de plantas medicinais em sementes de Phaseolus lunatus L. (feijão-fava via comportamento fisiológico e fitossanitário. Foram utilizadas sementes de feijão-fava da variedade Anduzinha tratadas com seis extratos aquosos de plantas medicinais a 5% (Ocimun gratissimum, Plectranthus neachilus, Vernonia condensata, Cymbopogom citratus, Equisetum sp., e Piper aduncum L., juntamente com a testemunha (água destilada. A bioatividade foi determinada pelo comportamento fisiológico e sanitário avaliados por meio dos testes de germinação, primeira contagem de germinação, índice de velocidade de germinação, comprimento de raiz na primeira e última contagem, e teste de sanidade. Realizou-se a análise de variância e teste Tukey a 5% de probabilidade. O extrato aquoso de cavalinha (Equisetum sp. promoveu a melhor qualidade fisiológica das sementes de feijão-fava. Houve maior incidência de fungos nas sementes de feijão-fava que receberam o extrato de boldinho (Plectranthus neachilus.

  10. Plantas aquáticas e nível de infestação das espécies presentes no reservatório de Bariri, no Rio Tietê Aquatic plants and infestation level at the Bariri reservoir in Tietê River, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.T. Carvalho

    2005-06-01

    Full Text Available O monitoramento da vegetação aquática permite avaliar a evolução das comunidades e determinar o potencial de danos associados a essas populações. O objetivo do trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie, presentes no reservatório de Bariri. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática presente na represa (194 pontos, e os pontos foram demarcados com um aparelho de GPS. As plantas foram identificadas e realizou-se uma estimativa visual do valor geográfico do ponto (tamanho da área e a distribuição proporcional das plantas no foco de infestação. Foram encontradas 15 espécies de plantas aquáticas vegetando na represa de Bariri. Considerando que as principais espécies ocorreram com níveis de infestação acima de 10%, as mais importantes foram: Brachiaria mutica (27,0% da área e 97,4% de freqüência, B. subquadripara (22,7% da área e 96,9% de freqüência, Eichhornia crassipes (13,8% da área e 85,6% de freqüência e Typha angustifolia (16,7% da área e 72,7% de freqüência. Outra espécie que pode ser destacada e que apresentou um bom potencial de infestação foi Enidra sessilis, que ocorreu em 8,9% de ocupação na área vegetada e com 76,3% de freqüência.Aquatic vegetation monitoring allows to evaluate community evolution and to determine the potential of damages associated to these populations. The objective of this work was to identify the aquatic plants and infestation levels of each species in the Bariri reservoir in the state of São Paulo, Brazil. All the aquatic vegetation foci in the dam (194 points were evaluated and marked with GPS equipment. The plants were identified and a visual estimate of the geographic value of the point (size of the area and a proportional distribution of the plants in the focus were carried out. Fifteen macrophyte species were found vegetating in the Bariri dam. Due to the great diversity of the species found, those presenting

  11. Spatial distribution of Phyllocnistis citrella Stainton (Lepidoptera: Gracillariidae larvae in three scales Distribuição espacial das larvas de Phyllocnistis citrella Stainton (Lepidoptera: Gracillariidae em três escalas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CR. Jesus

    2008-02-01

    Full Text Available The spatial distribution of larvae of Phyllocnistis citrella Stainton (Lepidoptera: Gracillariidae, the citrus leaf miner, in leaves, shoots, and tree crowns of Montenegrina tangerine (Citrus deliciosa Tenore and Murcott tangor (Citrus sinensis L. Osbeck x Citrus reticulata Blanco was determined. Fortnightly samplings from July/2001 to June/2003, in orchards located in Montenegro (29º 68’ S and 51º 46’ W, RS, Brazil, were carried out. At each sampling occasion eighth shoots randomly selected were collected. The spatial distribution pattern of P. citrella larvae between tree crowns and in the shoots was aggregated in most sampling occasions in both citrus species. Nevertheless, on the leaves, this pattern followed a random distribution, as indicated by the indices I, Idelta and k parameter.Com o objetivo de determinar a distribuição espacial das larvas de Phyllocnistis citrella Stainton, (Lepidoptera: Gracillariidae, o minador-dos-citros, nas folhas, nos brotos e nas copas das plantas de tangerineira ‘Montenegrina’ (Citrus deliciosa Tenore e de tangor ‘Murcott’ (Citrus sinensis L. Osbeck x Citrus reticulata Blanco, foram realizadas amostragens quinzenais de julho de 2001 a junho de 2003 em pomares localizados em Montenegro (29º 68’ S e 51º 46’ W, RS, Brasil. Em cada ocasião de amostragem foram coletados aleatoriamente oito brotos. Através da análise, pelos índices de dispersão I e Idelta, o padrão de distribuição espacial das larvas de P. citrella entre as plantas e nos brotos de ‘Montenegrina’ e ‘Murcott’ foi agregado na maioria das ocasiões de amostragem. O padrão de distribuição espacial das larvas do minador-dos-citros nas folhas mostrou-se diferente do registrado em copas das plantas e brotos, os índices I, Idelta e o parâmetro k indicaram distribuição aleatória.

  12. Ausência da atividade anti-helmíntica de plantas em frangos de corte naturalmente infectados com Heterakis gallinarum (Schranck,1788 Madsen,1949

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes Rozeverter Moreno

    2004-01-01

    Full Text Available Estudou-se a atividade anti-helmíntica das plantas; Allium sativum, Punica granatum, Tynnanthus fasciculatus e Cocos nucifera. Foram utilizados 70 frangos infectados naturalmente com Heterakis gallinarum, divididos em grupos de dez animais, com um controle positivo (20 e um negativo (10. Administraram-se as plantas na forma de extrato aquoso e suco por gavage e trituradas incorporadas à ração nas doses de 2, 3 e 10g kg-1 dia-1, durante três dias consecutivos. Os resultados foram avaliados através de teste não. O A. sativum, P. granatum, T. fasciculatus e C. nucifera eliminaram: 6,70; 4,12; 1,25 e 0,22% , respectivamente. Os percentuais de eliminação do A. sativum e do T. fasciculatus, corresponderam respectivamente a 1/4 e 1/6 do controle positivo, sendo o C. nucifera e o P. granatum semelhantes ao controle negativo. Desta forma, as plantas nas doses empregadas não apresentaram atividade significativa (P<0,05 sobre o helminto H. gallinarum .

  13. Interferência de picão-preto e guanxuma com a soja: efeitos da densidade de plantas e época relativa de emergência Interference of hair beggarticks and arrowleaf sida with soybeans: effects of plant density and relative emergence time

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilson Gilberto Fleck

    2004-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as influências de densidades de picão-preto (Bidens pilosa L. e guanxuma (Sida rhombifolia L. e de épocas de sua emergência em relação à da soja, no grau de interferência que ocasionam à cultura. Foram realizados experimentos em duas condições em Porto Alegre - RS, em 1998/99 e 1999/00. Os fatores testados foram espécies e densidade de plantas daninhas e épocas de emergência. A convivência das plantas daninhas com a soja deu-se durante a fase vegetativa da cultura. Em experimentos em vasos, avaliaram-se cinco épocas de emergência das plantas daninhas (11, 7, 2 dias antes e 4 e 8 dias após a emergência da soja. Em microparcelas, avaliaram-se três épocas de emergência das plantas daninhas em relação à soja (4 dias antes, no mesmo dia e 4 dias após e seis densidades de plantas daninhas (0, 4, 8, 16, 32 e 64 plantas m-2. Verificou-se que a época de emergência das plantas daninhas em relação à soja modifica as relações de competição entre essas espécies e que picão-preto exerce maior efeito de competição à soja e é menos afetado pela presença da cultura do que guanxuma. O atraso na emergência da soja em relação às plantas daninhas aumenta os efeitos negativos dessas sobre a cultura, os quais são potencializados pelo incremento da densidade, principalmente no caso de picão-preto.The objective of this research was to evaluate the effects of hairy beggarticks (Bidens pilosa L. and arrowleaf sida (Sida rhombifolia L. densities and relative emergence time, on the degree of interference they may cause on soybeans. There were studies carried out under two conditions in Porto Alegre, RS, Brazil, in 1998/99 and 1999/00. The factors tested were weed species, emergence times, and weed densities. Weed-soybean associations occurred during the vegetative period of the crop. In pot assays, five weed emergence times were evaluated (11, 7, and 2 days before, and 4 and 8 days after

  14. Perfil metabólico e aspectos ultraestruturais de plantas de Qualea grandiflora Mart. (Vochysiaceae) crescidas na presença e ausência de alumínio

    OpenAIRE

    Melo, Jessica Regina

    2017-01-01

    O alumínio trivalente (Al+3) é altamente tóxico e é o principal fator de estresse para plantas sensíveis em solos ácidos. Contudo, muitas espécies são bem adaptadas a condições de solos ácidos e a elevadas concentrações de Al. Os mecanismos de adaptação das plantas podem ser divididos em: a) resistência: exclusão do Al a partir de células do sistema radicular e, b) tolerância: entrada e sequestro do Al para os órgãos vegetais. Algumas espécies nativas do Cerrado, além de serem acumuladoras de...

  15. Interferência do feijão-de-porco na dinâmica de plantas espontâneas no cultivo do milho orgânico em sistemas de plantio direto e convencional.

    OpenAIRE

    Correa, Maria Lita Padinha; Galvão, João Carlos Cardoso; Fontanetti, Anastácia; Lemos, João Paulo; Conceição, Patricia Marluci da

    2014-01-01

    Objetivou-se avaliar a dinâmica populacional de plantas espontâneas durante quatro anos agrícolas no cultivo de milho exclusivo e consorciado com feijão-de-porco no sistema de plantio direto orgânico, intermediado por um plantio convencional. Os tratamentos foram: plantio direto com composto orgânico e aplicação de herbicidas (PDT); plantio direto com composto orgânico e utilização da roçada como método de controle das plantas espontâneas (PDO1); plantio direto com composto + feijão-de-porco ...

  16. Variação na qualidade culinária das raízes de mandioca Culinary quality variation in cassava roots

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Osmar Lorenzi

    1994-01-01

    Full Text Available A falta de regularidade na qualidade culinária das raízes de mandioca de mesa é um dos fatores de restrição à expansão de seu consumo. Raízes cozidas de boa qualidade, entre outras características, devem apresentar-se, quando esmagadas por um garfo, na forma de uma massa não encaroçada, plástica e não pegajosa. O tempo de cozimento culinário correlaciona-se bem com a qualidade da massa cozida, isto é, quanto menor esse tempo, melhor a massa gerada. Dessa forma, neste trabalho, a duração do tempo de cozimento (DTC foi usada como método indireto e expedito para avaliação da qualidade culinária das raízes de mandioca. Os fatores que interferem na DTC podem ser reunidos em dois grupos: (a intrínsecos: variação dentro e entre raízes da mesma planta e entre plantas da mesma variedade; (b extrínsecos: variação em função do genótipo, do ambiente e do estado fisiológico das plantas. Estudos preliminares realizados pelo Instituto Agronômico (IAC tiveram por objetivos verificar e quantificar a magnitude dessas variações. Foram desenvolvidos dois experimentos de campo, em dois solos distintos, utilizando cinco variedades amostradas mensalmente, do 7.° ao 15.° mês de idade das plantas. A DTC foi determinada a partir de água fervente, em subamostras de cada raiz da planta. Os resultados mais relevantes mostraram que: (a a DTC diminuiu, de 10 a 14 minutos, da base para a ponta da raiz; (b a amplitude média de variação entre as raízes de uma mesma planta foi de 11, 10 e 27 minutos, respectivamente, para plantas com 8, 12 e 15 meses; (c houve diferenças na DTC para variedades (9 minutos e para tipos de solo (17 minutos; (d o efeito médio de época de colheita foi de 19 minutos. O período de menor DTC foi do 7.° ao 12.° mês de idade das plantas.Irregular culinary quality of cassava roots has been one of the major point that restricts its expansion for human consumption. A good quality cassava root, after cooking

  17. TRANSFORMAÇÕES CITOMORFOLÓGICAS EM PLANTAS DE Centrosema virginianum (L. BENTH. PELO USO DA COLCHICINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Battistin

    1993-12-01

    Full Text Available Diferentes concentrações de colchicina foram aplicadas em sementes de Centrosema virginianum (L. Benth., por períodos variados de tempo, com a finalidade de detectar reações citomorfológicas no desenvolvimento de suas plantas. Centrosema mostrou alta sensibilidade à colchicina, sobrevivendo apenas 5% das mesmas. Várias alterações foram observadas em seus caracteres morfológicos, e, em pontas de raízes, ocorreu elevada taxa de polissomatia com dois novos níveis de ploidia, 2n = 4X = 36 (tetraplóides e 2n = 6X = 54 (hexaplóides.

  18. Avaliação da eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas em alfafa Decreasing of weed plants using herbicides and herbicides mix in alfalfa crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson da Silva

    2004-08-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho avaliar a seletividade e a eficiência de herbicidas no controle de plantas daninhas na cultura da alfafa. Foram desenvolvidos dois experimentos em Anápolis, GO. No primeiro, avaliaram-se oito herbicidas (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl, imazamox aplicados em pós-emergência da alfafa, e no segundo, seis misturas de herbicidas [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] aplicados um dia após o corte da alfafa. Em ambos os experimentos, foram incluídas duas testemunhas (capinada e sem capina, sendo os tratamentos distribuídos em blocos ao acaso com quatro repetições. Os herbicidas como imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl e imazamox foram seletivos à cultura da alfafa e eficientes no controle de plantas daninhas. As misturas dos herbicidas (diuron + MSMA e (diuron + paraquat aplicados logo após o corte da alfafa causaram danos às folhas e aos caules remanescentes. As brotações, todavia, surgiram isentas de toxicidade, apresentando crescimento e desenvolvimento normais. Essas misturas promoveram eficiente controle de plantas daninhas, e não afetaram o acúmulo de biomassa seca e altura de plantas em relação à testemunha capinada. O não-controle das plantas daninhas reduziu a produção de biomassa seca e a altura das plantas de alfafa em 74,5% e 42,8%, respectivamente.The objectives of this study were to evaluate the efficiency and selectivity of herbicides on the weed plants control at the alfalfa crop. Two experiments were carried out at the Experimental Station of Agenciarural, located in Anápolis, GO. In the first experiment it was evaluated eight herbicides (imazethapyr, MSMA, fomesafen, bentazon, chlorimuron-ethyl and imazamox post emergency and in the second experiment six different mixed of herbicides [(diuron + MSMA, (diuron + MSMA, (diuron + paraquat, (diuron + paraquat] applied one day after the alfalfa harvesting

  19. Crescimento e marcha de acúmulo de nutrientes em plantas de beterraba cultivadas em sistema hidropônico

    OpenAIRE

    de Oliveira Gondim, Ancelio Ricardo; Ribeiro Correia, Marcus Andre [UNESP; Alves, Adriana Ursulino; Prado, Renato de Mello [UNESP; Cecilio Filho, Arthur Bernardes [UNESP

    2011-01-01

    A produção da beterraba tem alcançado grande destaque no cenário nacional, principalmente a produção de origem hidropônica, entretanto, as pesquisas são insipientes sobre a nutrição das plantas. Assim, objetivou-se neste trabalho avaliar o crescimento e a marcha de absorção de nutrientes pela beterraba cultivar Early Wonder, cultivado em sistema hidropônico. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados com seis tratamentos constituídos pelas épocas de amostragem: 15; 25; 35;...

  20. Crescimento de plantas de milho em solo acrescido de vermicompostos de lodo de curtume e irrigado com água residuária de esgoto doméstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Malafaia

    2015-11-01

    Full Text Available No presente estudo objetivou-se avaliar os parâmetros de crescimento de plantas de milho (Zea mays L. cultivadas em vaso contendo solo acrescido de vermicompostos de lodo de curtume e irrigado com água residuária de origem doméstica. O arranjo dos tratamentos consistiu de um fatorial 2x6 (dois tipos de irrigação e seis tratamentos de adubação, em delineamento inteiramente casualizado (DIC, com cinco repetições. Foram avaliados, quinzenalmente, a altura das plantas e o diâmetro do colmo. Os resultados indicaram que tanto a água residuária, quanto os vermicompostos de lodo de curtume são uma boa fonte de nutrientes para as plantas, favorecendo o seu crescimento. Conclui-se, portanto, que a água residuária de origem doméstica e vermicompostos de lodo de curtume podem ser considerados resíduos de interesse agrícola para a cultura do milho.

  1. Fotossíntese e potencial hídrico foliar de plantas jovens de andiroba submetidas à deficiência hídrica e à reidratação Photosynthesis and water potential of andiroba seedlings submitted to water stress and rewetting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Francisco de Carvalho Gonçalves

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi investigar o desempenho fotossintético de plantas jovens de andiroba (Carapa guianensis, submetidas à deficiência hídrica e à reidratação. As plantas foram irrigadas diariamente, em casa de vegetação, durante 15 dias. Após aclimatação, as plantas foram separadas em dois tratamentos: plantas irrigadas e não irrigadas. Quando a resposta fotossintética das plantas não irrigadas alcançou valores próximos a zero, as plantas foram reidratadas. A cada sete dias, durante 21 dias, foram realizadas as determinações das trocas gasosas e da fluorescência da clorofila a. O potencial hídrico foliar foi determinado no início e no fim do experimento. As taxas de fotossíntese líquida, condutância estomática e transpiração se reduziram em 88, 89 e 89%, respectivamente, após 21 dias de supressão da irrigação. Quanto às variáveis da fluorescência da clorofila a, observaram-se reduções de 27 a 58%. O potencial hídrico foliar das plantas foi reduzido em mais de quatro vezes, após 21 dias de deficiência hídrica. De quatro a oito dias após a reidratação, as plantas recuperaram as características fotossintéticas e o potencial hídrico foliar, o que indica que plantas jovens de andiroba apresentaram alta plasticidade fisiológica em relação ao estresse hídrico.The objective of this work was to investigate the photosynthetic performance of young andiroba plants (Carapa guianensis submitted to water stress and rewetting. The plants were irrigated daily in greenhouse conditions for 15 days. After acclimatization, the plants were separated randomly in two treatments, irrigated and non-irrigated plants. When the photosynthesis of the non-irrigated plants reached values close to zero, the plants were rewetted. Measurements of gas exchanges and chlorophyll a fluorescence were recorded on seven-day intervals, during 21 days. Plant water potentials were determined at the beginning and at the end of the

  2. Resposta de plantas de melancieira irrigadas com água salina ao tratamento pré-germinativo da semente com H2O2

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Auderlan de Macena Pereira

    2013-10-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE O manejo da água é um dos fatores mais importantes para uma efetiva absorção de nutrientes, uma vez que esta pode apresentar-se com elevadas concentrações de sais, o que pode afetar o processo de absorção, bem como causar estresse oxidativo nos vegetais, devido as espécies reativas de oxigênios (EROs, principalmente H2O2. As plantas evoluíram um complexo sistema antioxidante para conter os efeitos deletérios das EROs, é possível que a pré-exposição das plantas ao H2O2 possibilite uma adaptação das mesmas. Estudando-se uma alternativa para amenizar os efeitos deletérios das EROs,objetivou-se, neste trabalho, avaliar a resposta de plantas de melancieira, irrigadas com água salina, ao tratamento pré-germinativo da semente com H2O2. O experimento foi conduzido no Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar-CCTA, da UFCG-Pombal – PB. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados em parcelas subdivididas 2x5, com 4 repetições, com a parcela constando de dois níveis de salinidade da água de irrigação (S1 = água de abastecimento local, 0,32 dSm-1; e S2 =  água salina, 2,0 dS m-1 e a subparcela de sementes de melancieira tratadas com solução de H2O2 em cinco concentrações (0, 5, 10, 15 e 20 µmol L-1. As aplicações foram feitas via água de irrigação, junto à solução nutritiva a 100%, utilizada como fonte de nutrientes. O experimento foi conduzido até o início da floração (45 DAS, quando foram avaliadas as seguintes características de crescimento: Massa Fresca da Parte Aérea, Massa Seca da Parte Aérea, Número de Folhas por Planta e Comprimento da Haste Principal. Avalio-use também as características fisiológicas: Taxa de Fotossíntese, Transpiração, Condutância Estomática e Concentração de CO2 intracelular. Os dados foram submetidos à análise de variância ao nível de 5 % de probabilidade. Os níveis de salinidades da

  3. Orogenias: das margens continentais ao interior remoto das placas, uma revisão no tema

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benjamim Bley de Brito Neves

    2016-05-01

    Full Text Available Esta síntese do conceito de orogenias abrange desde a Tectônica de Placas dos anos 1970, adendos e modelos "alternativos", que buscam explicar orogenias distantes das zonas de interação de placas. A análise crítica dos modelos originais resultou em adendos que incluem domínios proterozoicos e paleozoicos e observações sobre reologia e história termo-tectônica da litosfera. Os modelos alternativos explicam a orogênese por subdução local de litosfera continental, sem envolver litosfera oceânica. Nos anos 1990, houve notável avanço no estudo das causas da subsidência (tectônica formadora de bacias e estudos que contestam a rigidez das placas e propõem modelos de enfraquecimento devido à ação termal. Orogenias intracontinentais, entendidas como caso extremo da inversão de bacias, ocorrem em praticamente todos os continentes. Esforços gerados em zonas de interação de placas podem ser transmitidas continente adentro por milhares de quilômetros e gerar tectônica deformadora longe de suturas. Embora esteja ainda em estágio de fluxo, o conceito de orogenias intracontinentais ("telessuturais" vem se consolidando, embora não tenha sido incorporado a livros-texto. O histórico e o reexame do tema possibilitam classificar os orógenos segundo três variáveis principais: posição em relação às zonas de sutura, organização geométrico-geológica (em planta e nível de exumação.

  4. Altura de planta e componentes do rendimento do feijoeiro em função de população de plantas, adubação e calagem Common bean plant height and primary yield components affected by plant population, fertilization and liming

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Barbara de Souza

    2003-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de investigar os efeitos de populações de plantas e níveis de adubação e calagem sobre a altura e os componentes do rendimento de grãos do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. em um solo Podizólico Vermelho Amarelo distrófico, de baixa fertilidade natural, foram conduzidos três experimentos de campo em Lavras - MG. Nos dois primeiros, utilizaram-se a cv. Pérola e delineamento experimental em blocos casualizados, com quatro repetições, no arranjo fatorial 4x4, envolvendo quatro populações: 120, 180, 240 e 300 mil plantas.ha-1 e quatro níveis de adubação e calagem: 0, 1/3, 2/3 e 3/3 das doses de fertilizantes e calcário recomendadas para o nível 2 de tecnologia pela Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais. No terceiro ensaio, o arranjo fatorial foi 2x4x4, envolvendo duas cultivares, Pérola e Carioca, quatro populações, 100, 200, 300 e 400 mil plantas.ha-1; e quatro níveis de adubação e calagem 0, 1/2, 2/2 e 3/2 das doses. O incremento da população de plantas reduziu a altura e o número de vagens por planta e o incremento dos níveis de adubação e calagem elevou a altura, o número de vagens por planta, o número de grãos por vagem e a massa média do grão.With a view to defining the plant density and level of fertilization and liming for the bean crop ( Phaseolus vulgaris L. in a natural low fertility soil (distrophic Red Yellow Podzolic, three field experiments were carried out in Lavras - MG. In the two first experiments the cultivar Pérola was utilized and the randomized block experimental design, with four replications and 4x4 factorial arrangement, involving four populations (120, 180, 240 and 300 thousand plants.ha-1 and four levels of fertilization and liming (0, 1/3, 2/3 and 3/3 of the recommended doses of fertilizers and limistone for the level 2 of technology by the Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais was adopted. In the third trial, the factorial

  5. Yield performance and leaf nutrient levels of coffee cultivars under different plant densities Produtividade e níveis foliares de nutrientes em cultivares de café sob diferentes populações de plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison Martins Paulo

    2010-12-01

    Full Text Available Coffee (Coffea Arabica L. plantations using adapted cultivars to regional environmental conditions with optimal plant population density and adequate nutrition are expected to show high yield responses. The triennial production and leaf macronutrient concentrations of four coffee cultivars were studied under different plant population densities. Catuaí Amarelo (IAC 47, Obatã (IAC 1669-20, Acaiá (IAC 474-19 and Icatu Amarelo (IAC 2944 were planted in densities of 2,500; 5,000; 7,519; and 10,000 plants ha-1 with one plant per hole and two plants per hole in the 2,500 plant ha-1. Plants were homogeneously fertilized without liming. As the population density increased the triennial coffee productivity increased, the yield per plant decreased, and leaf concentrations of phosphorus (P, potassium (K and sulfur (S increased. Coffee plants under dense systems presented equal or higher leaf macronutrient concentrations compared to the plants under conventional population. Taller cultivars presented the highest nutrient concentration values, and Obatã, a dwarf cultivar, the lowest values. Higher coffee yields and lower leaf P, Ca and S concentrations were observed in plots with one plant compared to the plots with two plants. In general, the coffee cultivars had leaf N and S concentrations above the reference limits reported in the literature, but leaf concentrations of other macronutrients were within adequate ranges.Cultivares de cafeeiro (Coffea Arabica L. adaptadas às regiões de cultivo, com população de plantas otimizada e adequado estado nutricional são premissas para a obtenção de produções elevadas de café. Estudou-se a produção trienal de café e o teor foliar de macronutrientes de cultivares de cafeeiro em função das densidades de plantio. Foram utilizados os cultivares Catuaí Amarelo (IAC 47, Obatã (IAC 1669-20, Acaiá (IAC 474-19 e Icatu Amarelo (IAC 2944 nas populações de 2.500 plantas ha-1 com duas plantas por cova; e, 5

  6. Uso de resíduos de couro wet-blue como componente de substrato para plantas The use of residues of wet blue leather as a growing media component

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Henrique Schüür Daudt

    2007-02-01

    Full Text Available O resíduo de rebaixamento de couro wet-blue (RR, também denominado de "serragem de couro", resulta do processo de padronização do couro na indústria de curtimento. Na virada do século, a indústria nacional descartou cerca de 131 mil toneladas do RR na natureza. Neste estudo, investigou-se a possibilidade de uso de RR como um componente de substratos para plantas ornamentais de jardim. Mudas de Tagetes patula L. "Aurora" foram cultivadas em recipientes de 6 cm de altura e 216mL de volume, contendo RR + a mistura CACV (casca de arroz carbonizada e vermiculita superfina, 6:1, v:v nas seguintes proporções volumétricas: 0:1 (100% CACV, 1:3, 1:1, 3:1, 1:0 (100% RR. As mudas foram cultivadas por 23 dias, até o ponto de transplante. A caracterização dos substratos testados baseou-se nos valores de pH, salinidade, densidade seca e nas curvas de retenção de água. A adição de RR reduziu a densidade, aumentou a porosidade e a água retida nas misturas, proporcionando boas condições físicas para o desenvolvimento das mudas de Tagetes. A elevada salinidade do RR (>7g L-1 como KCl e o baixo valor de pH natural do resíduo (3,7, em H2O são características que precisam ser observadas nesta proposta de uso. De forma geral, as mudas mostraram boa tolerância à presença de RR até fração de 50% da mistura. Aumentando a proporção do resíduo, as plantas apresentaram tombamento, menor comprimento do sistema de raízes e menor estabilidade do torrão, que se desagregava ao ser retirada a muda para transplante. Os resultados sugerem a possibilidade de uso de RR como componente de substrato para plantas, desde que observados suas características limitantes e a adição em volumes menores que 50% na mistura.The industrial wet-blue leather standardization process generates a by-product called leather sawdust (RR. At the beginning of this century, the Brazilian tanning industry rejected about 131 thousand tons of RR in the environment. The

  7. Métodos de produção de mudas, distribuição de matéria seca e produtividade de plantas beterraba Seedlings production and yield of beet plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vandeir Francisco Guimarães

    2002-09-01

    Full Text Available Comparou-se desenvolvimento de mudas de beterraba (cv. Tall Top Early Wonder, produzidas por diferentes métodos, através da distribuição de matéria seca na planta. Comparou-se os tratamentos T1 - mudas produzidas em bandejas de 288 células (1,2 x 10-5 m³; T2 - 200 células (1,6 x 10-5 m³ ; T3 - 128 células (3,2 x 10-5 m³; T4 - 128 células (7,2 x 10-5 m³; T5 - semeadura direta e T6 - mudas de raiz nua. Aos 28 dias após a semeadura (DAS, as mudas produzidas em bandejas foram transplantadas para campo, juntamente com mudas de raiz nua (T6. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com quatro repetições. Foram coletadas plantas semanalmente dos 28 aos 98 DAS. Determinou-se a matéria seca das folhas, pecíolos, raízes e da parte aérea e a matéria fresca das raízes. Aos 98 DAS, realizou-se a colheita das raízes comerciais, expressando-se a produtividade em kg ha-1. Para o tratamento T5, o espessamento da raiz tuberosa começou 42 DAS. Por sua vez, as plantas provenientes dos tratamentos T1, T2, T3, T4 e T6 iniciaram o acúmulo de matéria seca nas raízes a partir dos 56 DAS. Os métodos de produção de mudas não influenciaram significativamente na produtividade da cultura, porém aumentaram o ciclo, quando comparado à semeadura direta. Caso a disponibilidade de área seja fator limitante, a produção de mudas em bandejas é recomendável, sendo indicadas bandejas de 288 células.Different methods of beet seedling production were evaluated by distributing dry matter on the plants. The experimental design was of randomized blocks with four replications and six treatments: T1 - seedlings produced in trays of 288 cells (1.2 x 10-5 m³; T2 - 200 cells (1.6 x 10-5 m³; T3 - 128 cells (3.2 x 10-5 m³; T4 - 128 cells (7.2 x 10-5 m³; T5 - direct sowing and T6 - bare-root seedlings. The seedlings produced in trays and the bare-root seedlings were transplanted to the field on the 28th day after the sowing (DAS, with spacing of

  8. Invertase and sucrose synthase activities in coffee plants sprayed with sucrose solution Atividade de invertases e sacarose sintase em plantas de cafeeiro pulverizadas com solução de sacarose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos da Silva

    2003-01-01

    Full Text Available One management practice of which the efficiency has not yet been scientifically tested is spraying coffee plants with diluted sucrose solutions as a source of carbon for the plant. This paper evaluates the effect of foliar spraying with sugar on the endogenous level of carbohydrates and on the activities of invertase and sucrose synthase in coffee (Coffea arabica L. seedlings with reduced (low and high (normal levels of carbon reserve. The concentrations used were 0.5 and 1.0% sucrose, and water as a control. The use of sucrose at 1.0% caused an increase in the concentration of total soluble sugars in depauperate plants, as well as increased the activity of the following enzymes: cell wall and vacuole acid invertase, neutral cytosol invertase and sucrose synthase. In plants with high level of carbon reserve, no increments in total soluble sugar levels or in enzymatic activity were observed. Regardless of treatments or plants physiological state, no differences in transpiration or stomatal conductance were observed, demonstrating the stomatal control of transpiration. Photosynthesis was stimulated with the use of 0.5 and 1.0 % sucrose only in depauperate plants. Coffee seedling spraying with sucrose is only efficient for depauperate plants, at the concentration of 1.0%.Uma prática cuja eficiência não foi ainda comprovada cientificamente, é a pulverização dos cafeeiros com solução diluída de sacarose, como fonte de carbono para as plantas. Este trabalho visou estudar o efeito da pulverização de açúcar via folha nos teores endógenos de carboidratos e na atividade das enzimas invertases e sacarose sintase em mudas de cafeeiros (Coffea arabica L. com baixo (baixo e alto (normal nível de reservas de carbono. As pulverizações ocorreram nas concentrações de 0,5 e 1% de sacarose utilizando-se água como testemunha. A aplicação de sacarose a 1% aumentou a concentração de açúcares solúveis totais (AST em plantas depauperadas, como

  9. Weed emergence in autumn under temperate conditions Emergência de plantas daninhas no outono em condições temperadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M.G. Calado

    2011-06-01

    Full Text Available The emergence of weed plants depends on environmental conditions, especially temperature and soil moisture. The latter is extremely important in Mediterranean environments which are characterized by irregular amount and distribution of rain throughout the year, which influences the beginning of the growth cycle of the annual species (seed germination. This paper studies the influence of rainfall, in particular accumulated rainfall in autumn, on the emergence of weed plants. The experiment was carried out on Luvisols, and the appearance of flora under field conditions was observed. Through analysis of the results, it can be concluded that a high percentage of weed plants (> 85% related to the highest registered value was obtained with more than 90 mm of accumulated rainfall from the beginning of September. Thus, in those years in which this amount of rainfall (90 mm is registered until the end of October, the appearance of potential weed plants can be ensured, under Mediterranean conditions, in a period before sowing the autumn-winter crops.A emergência de plantas daninhas depende das condições ambientais, sobretudo da temperatura e da umidade. Esta é de extrema importância em ambientes mediterrânicos, caracterizados pela irregularidade da quantidade de precipitação e da sua distribuição durante o ano, que influencia o início do ciclo vegetativo das espécies anuais (germinação de sementes. Neste trabalho, estudouse a influência da precipitação, particularmente a quantidade acumulada no outono, na emergência de plantas daninhas. O experimento foi realizado em Luvisols, tendo sido registrado o aparecimento da flora em condições de campo. De acordo com a análise dos resultados, conclui-se que elevadas densidades populacionais de plantas daninhas (> 85% relativamente ao valor máximo verificado foram obtidas com uma precipitação acumulada desde o início de setembro superior a 90 mm. Assim, nos anos em que se registra essa

  10. E-commerce of freshwater aquarium fishes: potential disseminator of exotic species in Brazil = Comércio eletrônico de peixes ornamentais de água doce: potencial dispersor de espécies exóticas no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Lincoln Barroso de Magalhães

    2010-07-01

    Full Text Available The availability of freshwater aquarium fish species for sale was surveyed from July 2005 to June 2006 in Brazilian electronic commerce and the Orkut website. São Paulo was the leading state regarding virtual shops, auctions on Arremate/Mercado Livre, and hobbyists on Orkut, with 52, 44 and 46%, respectively. The Southeast and Southregions led the offer of pest species such as C. carpio, C. auratus and P. reticulata. Among the 07 species for sale, 14 species considered potential pests were identified, contrasting with only one page that warned about the dangers of aquarium dumping. The easy access to fish (especially the potential pest species through e-commerce and Orkut, together with the low total price (unitary value + shipping and handling ranging from US$ 17.67 to 30.39, and fast interstate delivery (two-four days on average confirm the widespread e-commerce accessibility and its high dispersal potential via postal services and home hobbyists trade. It is imperative to enforce the use of warnings or alert messages in e-commerce about thedangers of biological invasions. A disponibilidade para venda de espécies de peixes ornamentais de água doce foi pesquisada de julho/2005 a junho/2006 no comércioeletrônico brasileiro e no site de relacionamentos Orkut. O Estado de São Paulo foi o principal em lojas virtuais, leilões no Arremate/Mercado Livre e aquaristas vendendo peixes no Orkut, com 52, 44 e 46%, respectivamente. As regiões Sudeste e Sul são as que maisanunciaram espécies como C. carpio, C. auratus e P. reticulata. Entre as 207 espécies disponíveis para venda, 14 foram identificadas como potenciais praga, contrastando com apenas uma página eletrônica que alertava sobre os perigos do descarte de espécies ornamentais exóticas em novos ambientes. O fácil acesso aos peixes (notadamente espécies consideradas potenciais praga pelo comércio eletrônico e Orkut, aliado a um preço acessível (valor unitário + embalagem + frete

  11. Cooperação e localidade: uma análise no contexto do agronegócio de flores Cooperation and locality: an analysis in the context of flowers agribusiness

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Pedro de Castro Nunes Pereira

    2008-01-01

    Full Text Available Este artigo apresenta um estudo sobre a cooperação e o papel da localidade no contexto do agronegócio de flores e plantas ornamentais. Para tanto, traz seu arcabouço teórico estruturado no tripé: localidade, cooperativismo e ações conjuntas. Essa pesquisa foi desenvolvida em duas importantes regiões de produção e comercialização: Holambra e Mogi das Cruzes. A abordagem metodológica utilizada foi de pesquisa exploratória com a condução de um levantamento do tipo survey. A pesquisa de campo obteve 90 questionários válidos, cujos entrevistados foram produtores rurais, que pertencem a pelo menos uma das cooperativas e/ou associações presentes nas localidades estudadas. Os resultados mostram que há uma prática de ações de parcerias entre os produtores pesquisados e que a etnia aparece como um dos fatores indutores dessa cooperação.This paper presents a study about cooperation and the locality role flowers and ornamental plants agribusiness. Thus, the theoretical framework is based on: locality, cooperatives and joint actions. This research was developed in two important regions of production and commercialization: Holambra and Mogi das Cruzes. The methodological approach was based on an exploratory research in which a survey was performed. The field research got 90 valid questionnaires from producers, related at least to one of the cooperatives and/or associations in studied localities. The results show that there are partnership actions among the interviewed producers, which have strong influences of the ethnic factor on this cooperation.

  12. Método para avaliação da potencialidade ornamental de flores e folhagens de corte nativas e não convencionais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth R. Tempel Stumpf

    2007-06-01

    Full Text Available Para garantir o êxito no mercado de novos produtos da Floricultura, é preciso estabelecer critérios objetivos de escolha das características ornamentais desejáveis. Este trabalho tem como objetivo propor e validar um método para a avaliação do potencial ornamental de plantas nativas e não-convencionais, para uso como flores e folhagens de corte. A partir de uma planilha de avaliação especialmente elaborada para tal fim, foi testado o grau de potencialidade ornamental de 11 espécies nativas do Rio Grande do Sul, resultante do somatório das notas dadas para cada uma das dez características escolhidas por sua importância para a arte floral e para o mercado. Para a validação da eficácia do método, foi efetuada uma pesquisa de opinião on line. Andropogon bicornis, Baccharis articulata, B. usterii, Eryngium ebracteatum, E. eriophorum, E. sanguisorba, Hypericum connatum, Limonium brasiliense, Myrsine umbellata, Schinus lentiscifolius e S. terebinthifolius receberam pontuação superior a 70 pontos, sendo categorizadas como de alta potencialidade ornamental. A eficácia da escolha destas espécies com base em atributos estéticos visuais ficou comprovada nos resultados obtidos pela aplicação da planilha e posteriormente validados pela pesquisa de opinião. Os resultados indicam que o método aqui proposto é uma ferramenta eficaz para avaliar o grau de potencialidade ornamental de flores e folhagens de corte nativas e não-convencionais

  13. Fitossociologia de plantas espontâneas sob cultivo agroecológico na bananeira no Sertão Paraibano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Hortência Batista Silva Rodrigues

    2017-02-01

    Full Text Available Plantas são organismos sésseis e, portanto, refletem as condições locais. Elas apresentam geralmente maiores níveis de plasticidade fenotípica comparado aos animais, o que significa que efeitos de diversos estressores podem ser mais aparentes e, potencialmente, mais fáceis de serem medidos e quantificados. Este trabalho objetivou realizar um levantamento fitossociológico das espécies de plantas espontâneas presentes no cultivo de diferentes genótipos de banana sob manejo agroecológico no Alto Sertão Paraibano. Foi realizado em uma área experimental de 1.512m2. O espaçamento entre plantas foi de 3x3 m. Para a identificação e quantificação de plantas espontâneas, foi utilizado o método do quadrado inventário. Foram calculados: frequência, frequência relativa, densidade, densidade relativa, abundância, abundância relativa e o índice de importância relativa. Foram identificadas um total de 93 indivíduos correspondentes a 21 espécies, distribuídas em 11 famílias. A área em estudo apresentou uma grande diversidade de plantas espontâneas no cultivo da banana, sendo a mais frequente (18,18% e com maior densidade relativa (38,70% a espécie Cyperus rotundus, seguido da Alternanthera tenella com frequência relativa de 13,63% e densidade relativa de 15,05%.Phytosociology of spontaneous plants under agroecological cultivation in the banana tree in backlands of Paraiba Abstract: Plants are sessile organisms and therefore reflect local conditions. They generally have higher levels of phenotypic plasticity compared to animals, which means that the effects of various stressors may be more apparent and potentially easier to measure and quantify. This work aimed to perform a phytosociological survey of the species of spontaneous plants present in the cultivation of different banana genotypes under agroecological management in Hinterland Paraibano. It was carried out in an experimental area of 1,512m2. The spacing between plants

  14. Transpiração de plantas jovens de laranjeira 'valência' sob porta-enxerto limão'cravo' e citrumelo 'swingle' em dois tipos de solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Melo Vellame

    2012-03-01

    Full Text Available A área total irrigada em pomares cítricos no Brasil tem aumentado ao longo das décadas. A principal causa desse aumento deve-se ao uso de porta-enxertos tolerantes à Morte Súbita dos Citros, porém menos tolerantes à seca que o limão Cravo. Este trabalho tem como objetivo estudar a influência do porta-enxerto e do tipo de solo na transpiração de plantas jovens de laranjeira Valência. O experimento foi conduzido em estufa, nas dependências do Departamento de Engenharia de Biossistemas da ESALQ/USP. Mudas de laranjeira foram plantadas em caixas de 500 L. Determinou-se, simultaneamente, a transpiração de 20 plantas por meio de sondas de dissipação térmica (fluxo de seiva. Foram medidas a radiação solar global, a umidade relativa e a temperatura do ar com sensores instalados a 2 m de altura no centro da estufa. A evapotranspiração de referência (EToPM foi calculada pelo método de Penman-Monteith proposto pela FAO. De acordo com os resultados encontrados, conclui-se que a transpiração das plantas de laranjeira Valência é influenciada não só pelo tipo de porta-enxerto utilizado, como também pelo crescimento em área foliar e estádio fenológico, sendo que sua relação com a EToPM não é linear em toda a faixa de demanda evaporativa da atmosfera.

  15. The effects of the coexistence of weed communities on table beet yield during early crop development = Efeitos de convivência da comunidade de plantas daninhas na produção de beterraba durante o desenvolvimento inicial da cultura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Bianco Carvalho

    2010-10-01

    ância. Amaranthus viridis, Coronopus didymus, Cyperus rotundus, Digitaria nuda, Galinsoga parviflora e Nicandra physaloides foram as plantas daninhas mais importantes, destacando-se C. didymus. O acúmulo de matéria seca das plantas daninhas foi maior na culturaem semeadura direta, embora a densidade de plantas daninhas tenha sido mais alta em sistema de transplantio. A produtividade da beterraba transplantada foi maior que a da semeadura direta notratamento livre de plantas daninhas. A convivência das plantas daninhas com a cultura pode permanecer por quatro e sete semanas depois da semeadura/transplantio, respectivamente, antes de reduzir a produtividade. A cultura em sistema de semeadura direta foi mais susceptível à interferência das plantas daninhas que a cultura sob sistema de transplantio.

  16. Efeito do manejo da irrigação e de populações de plantas sobre o rendimento do algodoeiro herbáceo Effect of irrigation management and plant population on herbaceous cotton yield

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Assis de Oliveira

    1999-12-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar, num solo aluvial, franco siltoso, no vale do Açu, no Rio Grande do Norte, o efeito do momento da última irrigação e da população de plantas sobre a altura das plantas e a produtividade do algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L.r. latifolium Hutch, cultivar Acala del cerro. Os tratamentos foram definidos pelos momentos da última irrigação aos 65, 80, 95 e 110 dias após a emergência e pela população com 30.000, 60.000, 90.000 e 120.000 plantas/ha. Usou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, e quatro repetições. A altura das plantas aumentou com o retardamento da última irrigação e com o tamanho das populações. Houve efeito (P In an alluvial soil, silt loam, of Açu valley, in the state of Rio Grande do Norte, Brazil, a research was carried out to study the effect of time of the last irrigation and plant population on yield and plant height of the herbaceous cotton (Gossypium hirsutum L.r. latifolium Hutch cultivar Acala del cerro. Treatments consisted of times of the last irrigation at 65, 80, 95 and 110 days after emergence and populations with 30,000, 60,000, 90,000 and 120,000 plants/ha. The experimental plan was a randomized complete blocks in a split-plot design, with four replications. Delaying time of last irrigation increased height and plant populations. A significant effect (P <= 0.01 of interaction between time of last irrigation and plant population was found for cotton yield. The highest cotton yield (4,090 kg/ha was obtained with the interaction between time of last irrigation at 95 days and in population of 90,000 plants/ha. Irrigation times at 65 and 80 days were considered too early, and at 110 days too late for cotton yields.

  17. Ionoma de plantas: cenário atual e perspectivas Ionomics: current scenario and prospects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Alves da Silva

    2011-08-01

    Full Text Available Os sistemas biológicos são governados pela soma de todos os genes expressos, proteínas, metabólitos e elementos de um organismo. A análise do ionoma de um tecido auxilia a identificar, entre outros aspectos, genes que contribuam para maior ou menor acúmulo de elementos essenciais e metais pesados, bem como a interação entre processos metabólicos. O conhecimento do ionoma, aliado ao uso de técnicas de biologia molecular, formam um sistema muito eficiente para mapeamento gênico, para estudos de genômica funcional e para caracterização geral do estado fisiológico das plantas em uma determinada condição. Além disso, o estudo do ionoma permite avaliar as interações existentes entre os mais diversos íons das plantas e como a disponibilidade de um íon afeta a absorção e uso de outros. O objetivo desta revisão é apresentar e discutir o ionoma como uma ferramenta importante na elucidação dos mais diversos mecanismos envolvidos na absorção, translocação e acúmulo de elementos essenciais e não-essenciais em plantas e sua relação com o metabolismo delas.Biological systems are governed by the sum of all expressed genes, proteins, metabolites and components of an organism. The analysis of a tissue ionome helps to identify, among others, genes that contribute to a greater or lesser accumulation of essential elements and heavy metals, as well as interaction between metabolic processes. The ionome knowledge, coupled with the use of molecular biology techniques, form a very efficient system for gene mapping, and functional genomic studies, and general characterization of plants physiological status in a given condition. Another interesting process that the ionome study allows to analyse is the interactions among plants' ions and how such ion availability can affect the absorption and use of others. The aim of this review is to present and discuss the ionome as an important tool in the elucidation of several mechanisms involved

  18. Supressão de plantas daninhas e produção de milho-verde orgânico em sistema de plantio direto Weed suppression and organic green corn production in no tillage system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.R. Queiroz

    2010-06-01

    Full Text Available O sombreamento do solo com cobertura morta proporciona redução na germinação das sementes e diminuição da população de plantas daninhas, possibilitando às plantas da cultura de interesse se desenvolverem sob efeito de menor competição inicial. Dessa forma, objetivou-se neste trabalho investigar o efeito do cultivo de leguminosas na evolução da comunidade de plantas daninhas na cultura do milho-verde cultivado em sucessão, num sistema orgânico. O ensaio foi realizado em delineamento em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas e quatro repetições. Inicialmente, houve o plantio das leguminosas: feijão-de-porco (Canavalia ensiformes, guandu (Cajanus cajan, mucuna-preta (Mucuna aterrinum, mucuna-anã (Mucuna deeringiana e crotalária (Crotalaria juncea; foi mantida uma testemunha sem cultivo em pousio. Anteriormente ao cultivo do milho, foi avaliada a produção de matéria seca de cada espécie de leguminosa. Em seguida, após a roçada das leguminosas foi semeado sobre a palhada o milho, cultivar HTMV 02. A amostragem das plantas daninhas foi realizada aos 15 e 30 dias após a emergência do milho, lançando-se de forma aleatória sobre cada parcela um quadro de 50 x 50 cm. As plantas daninhas dentro do quadro foram identificadas, pesadas e contadas por espécie, sendo posteriormente colocadas em estufa a 65ºC, por 72 horas, para determinação da matéria seca. As palhadas da mucuna-preta e da crotalária proporcionaram maior redução de matéria seca e população das plantas daninhas. A maior produtividade de espigas comerciais de milho-verde foi obtida na área de palhada de mucuna-preta e crotalária.Soil shading using mulch reduces weed seed germination and, consequently, weed population, allowing the plant of interest to develop free of the initial competition. Thus, the aim of this paper was to evaluate the effect of leguminous plant cultivation on the evolution of a weed community on green corn cultivated in

  19. Sistemas primários de transporte de prótons integram os mecanismos de desintoxicação do mesotrione em plantas de milho Proton transport primary systems used as mechanisms of mesotrione detoxification in corn plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Ogliari

    2009-01-01

    Full Text Available O mesotrione é um dos mais efetivos herbicidas desenvolvidos para o controle de uma ampla gama de plantas daninhas que infestam campos de milho (Zea mays. Todavia, as bases bioquímicas e moleculares da tolerância das plantas de milho a esse herbicida ainda não foram estabelecidas. Para compreender os mecanismos de desintoxicação do mesotrione em plantas de milho, foram analisadas as atividades dos principais sistemas primários de transporte de prótons (íons H+ das membranas plasmática e vacuolar (H+-ATPases do tipo P e V e H+-PPases de células de diferentes tecidos de plantas tratadas após aplicação do herbicida em pós-emergência. Para isso, foram realizados procedimentos de fracionamento celular, de tecidos radiculares, foliares e do caule, por centrifugação diferencial e purificação de vesículas membranares em gradiente de densidade de sacarose. Os ensaios enzimáticos das atividades hidrolíticas das três bombas de H+ foram realizados aplicando-se um método colorimétrico para medir o fosfato liberado das hidrólises dos substratos: adenosina-5'-trifosfato (ATP e pirofosfato (PPi. Parâmetros fotossintéticos foram analisados como marcadores fisiológicos dos diferentes estádios da desintoxicação das plantas. Essa análise demonstrou que o tratamento com mesotrione promoveu uma redução na taxa fotossintética e na relação Fv/Fm no terceiro dia após aplicação (DAA, mas não afetou significativamente a fotossíntese a partir do quinto DAA. Nos três tecidos analisados, raiz, folha e caule, aos 3 DAA, foi observado forte estímulo da atividade da H+-PPase vacuolar, a qual variou de cerca de 100 a 600%. Essa forte ativação foi reduzida significativamente aos 7 DAA, mas permaneceu pelo menos duas vezes maior com relação ao controle. Por sua vez, as H+-ATPases das membranas plasmática e vacuolar foram bem menos moduladas pelo tratamento com o herbicida, apresentando estimulações e inibições que n

  20. Avaliação de estrutura de bambu como elemento construtivo para casa de vegetação

    OpenAIRE

    Mary,Wellington; Kenmochi,Claudio S.; Cometti,Nilton N.; Leal,Paulo M.

    2007-01-01

    O uso da tecnologia do cultivo protegido no Brasil, para a produção de hortaliças e plantas ornamentais, passou por diversas fases de adaptação, visando a atender às necessidades de oferta e de qualidade dos produtos, com a preocupação de minimizar os custos de produção e os efeitos negativos do clima. A grande maioria dessas adaptações partiu da iniciativa dos próprios agricultores, utilizando-se de diferentes materiais e de outros artifícios para contornar problemas cotidianos. O experiment...

  1. Bromélias do Paraná

    OpenAIRE

    Anacleto, Adilson

    2012-01-01

    Resumo: Apresentam-se resultados de pesquisa sobre as bromélias no Paraná, um grupo de espécies de plantas ornamentais nativas no Estado e que apresentam relevante valor comercial. Realizou-se inicialmente um diagnóstico do sistema de produção de bromélias, evidenciando as particularidades e discrepâncias em relação aos modelos de produção descritos na literatura. Procedeu-se estudo de viabilidade econômica de implantação de novos cultivos. Foi também quantificado o sistema sócio econômico do...

  2. Produção de biomassa e acúmulo de nutrientes em plantas de cobertura sob diferentes sistemas de preparo do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Kempim Pittelkow

    2012-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção de biomassa seca e o acúmulo de nutrientes de plantas de cobertura em diferentes sistemas de preparo do solo. O experimento foi instalado após a colheita da soja precoce sobre um Latossolo Vermelho em Sorriso, MT. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados, no esquema de parcelas subdivididas, com três repetições. As parcelas foram constituídas pelas plantas de cobertura (milheto, crotalária, braquiária, sorgo e amaranto e as subparcelas pelos sistemas de preparo do solo (sistema de plantio direto, sistema de cultivo mínimo e sistema de preparo convencional. No final do ciclo de cada planta de cobertura realizou-se uma amostragem, para estimar a produção de biomassa e de produção de grãos, através de um quadro amostral de 50 cm de lado, disposto de forma aleatória dentro de cada subparcela. Foram avaliadas as concentrações de macro e micronutrientes nas plantas de cobertura e os acúmulos foram determinados por meio da multiplicação da produção de biomassa seca pelo teor do nutriente. A produção de biomassa seca pelas plantas de cobertura não foi influenciada pelos sistemas de preparo do solo. A braquiária apresentou os maiores acúmulos de macro e micronutrientes e a menor relação C/N. O acúmulo de cálcio é influenciado pelos sistemas de preparo do solo.

  3. ANÁLISE AMBIENTAL DOS PROCESSOS DE BENEFICIAMENTO DAS MARMORARIAS DA CIDADE DE MANAUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ercilia Socorro Souza Soares

    2016-12-01

    Full Text Available O setor de beneficiamento de rochas ornamentais vive um crescimento bastante significativo no contexto mundial. Através deste estudo propõe-se apresentar uma análise qualitativa relativa aos impactos sobre os meios físicos e antrópicos gerados nos processos produtivos das empresas de beneficiamento de pedras ornamentais no município de Manaus. Contudo há uma grande problemáticano processo de corte, polimento e acabamento das matérias primas como o mármore e o granito, pois geram grandes quantidades de resíduos tais como a poeira e a lama, formados neste beneficiamento e descartados de maneira inadequada resultam em impactos ambientais significativos, uma vez que eles contribuem para a acumulação e dispersão prejudiciais no ar, água e solo de partículas sólidas. Os dados obtidos servem como alerta ao poder público e aos geradores para atentarem quanto ao cumprimento da legislação que versa sobre a destinação final sanitariamente adequada dos resíduos sólidos, além de expor a necessidade de políticas educacionais e ambientais nesses processos de trabalho. The ornamental stone processing industry is experiencing significant growth in the global context. Through this study aims to present a qualitative analysis of the impacts on the physical and anthropogenic resources generated in the production processes of ornamental stone processing companies in the city of Manaus. However there is a big problem in the process of cutting, polishing and finishing of raw materials such as marble and granite, because they generate large amounts of waste such as dust and mud, formed in the processing and discarded inappropriately result in significant environmental impacts since they contribute to the accumulation and damaging dispersal in air, water and soil solids. The data serve as a warning to the government and the generators to heed as to comply with the legislation that deals with the disposal of solid waste sanitary appropriate, in

  4. Atividade antimicrobiana in vitro de extratos de plantas do bioma caatinga em isolados de Escherichia coli de suínos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.W.C FERNANDES

    2015-01-01

    Full Text Available RESUMO A suinocultura é uma atividade pecuária bem consolidada no Brasil. Por outro lado a colibacilose neonatal, cujo patógeno é Escherichia coli, pode diminuir a produtividade nas granjas e causar prejuízos aos produtores. O tratamento baseia-se na utilização de drogas antimicrobianas. Todavia, o uso indiscriminado dessas substâncias tem levado a seleção de cepas resistentes. Diante disso, a busca por alternativas terapêuticas, como as plantas medicinais, tem se tornado cada vez mais comum. Dessa maneira, objetivou-se determinar a atividade antimicrobiana de cinco extratos etanólicos de plantas do bioma caatinga: Amburana cearensis (Fr. Allem A.C. Smith, Encholirium spectabile Mart., Hymenaea courbaril L, Neoglaziovia variegata Mez e Selaginella convoluta Spring frente a 43 isolados de Eschericha coli coletados de suínos. Para o teste de sensibilidade in vitro foi realizada a técnica da Concentração Bactericida Mínima (CBM pelo método da microdiluição em microplaca. Os extratos apresentaram atividade antimicrobiana nas seguintes médias 138,75 175,28, 128,36, 127,71 e 129,33 μg/mL, respectivamente. Essa atividade antibacteriana pode estar relacionada a ação de metabólitos secundários presentes nos extratos dessas plantas. Dessa forma, nosso estudo pode contribuir para o desenvolvimento de alternativas terapêuticas no tratamento de infecções, como a colibacilose neonatal em suíno, bem como para o conhecimento acerca das plantas medicinais da Caatinga.

  5. Método para incrementar la fertilidad de las plantas

    OpenAIRE

    Abbas, Mohamad; Alabadí, David; Blázquez, Miguel Ángel

    2015-01-01

    [ES] Método para incrementar la fertilidad de las plantas. La presente invención se relaciona con un método para incrementar la fertilidad de una planta que comprende inhibir, disminuir o bloquear la expresión del gen que codifica la proteína IAMT1 con respecto a un control o la actividad de la proteína IAMT1, y la planta derivada de la aplicación de dicho método, así como el uso de gen que codifica la proteína IAMT1 para incrementar de fertilidad de la planta.

  6. Guimarães Rosa, colecionador de palavras – uma leitura da poética das listas, em Grande sertão: veredas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivana Ferrante Rebello

    2017-05-01

    Full Text Available A escrita de Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, apresenta uma série de listas, superpostas, que contribuem para conferir ao romance movimento e musicalidade. A partir das reflexões de Umberto Eco, em A vertigem das listas (2010, este artigo analisa o efeito poético das listas que compõem a escrita do romance. Enumerações de palavras, ditos populares, nomes de plantas e animais compõem as listas que estão presentes nas cadernetas do autor. Essas listas, que serviram de suporte à escrita inventiva do autor, também aparecem de forma abundante em sua ficção. Propomos, no presente estudo, uma reflexão acerca das imagens, da musicalidade e do ritmo que as listas superpostas conferem ao romance.

  7. Aspectos morfofisiológicos de plantas de milho e bioquímico do solo em resposta à adubação nitrogenada e à inoculação com Azospirillum brasilense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tâmara Prado de Morais

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO O nitrogênio (N é um macronutriente que aumenta a produção de grãos na cultura do milho e o seu manejo adequado torna-se indispensável como proposta de uma agricultura sustentável, incluindo o uso de fontes alternativas como bactérias fixadoras de N2. Os objetivos deste trabalho foram avaliar a resposta morfofisiológica de plantas de milho e a atividade de enzimas no solo (urease e fosfatase decorrente da adubação N mineral e da inoculação com Azospirillum brasilense. Dois ensaios foram realizados em condições de casa de vegetação com solo de cerrado. O delineamento estatístico adotado foi o de blocos ao acaso com os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 3 x 3, sendo o primeiro fator correspondente a doses de N (0; 100 e 200 kg ha-1 e o segundo, a doses de um inoculante líquido à base de A. brasilense aplicado via sementes (0; 100 e 200 mL ha-1. Ao final desse experimento, outro ensaio foi realizado para verificar o possível efeito residual da inoculação e da adubação nitrogenada. A adição de fertilizantes nitrogenados promoveu maior desenvolvimento das plantas de milho, elevou os teores de clorofila e de nutrientes. Houve aumento da atividade das enzimas relacionadas à disponibilização de amônio e fósforo inorgânico na rizosfera. Além disso, o nitrogênio apresentou efeito residual no desenvolvimento das plantas na semeadura subsequente. A dose de 200 mL ha-1 de A. brasilense associada à dose de 200 kg ha-1 de N aumentou a resposta fisiológica da cultura.

  8. Seleção de plantas com potencial para fitorremediação de solos contaminados com o herbicida trifloxysulfuron sodium Plant selection with potential for phytoremediation of soils contaminated with trifloxysulfuron sodium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.O. Procópio

    2004-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo identificar plantas tolerantes ao trifloxysulfuron sodium, visando utilizá-las em programas de fitorremediação. Foram avaliadas dez espécies: Medicago sativa, Avena strigosa, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Raphanus sativus e Eleusine indica. O delineamento experimental empregado foi o de blocos ao acaso, com parcelas subdivididas, sendo utilizadas três repetições. O fator aplicado na parcela principal foram as doses de trifloxysulfuron sodium (0,00; 3,75; 7,50; e 15,00 g ha-1 e, na subparcela, as épocas de avaliação [15, 30, 45 e 60 dias após a semeadura (DAS]. Foram avaliados a altura de plantas, os sintomas de toxicidade e, aos 60 DAS, também a biomassa seca da parte aérea, das raízes e total das plantas. Verificou-se que todas as espécies sobreviveram à presença do trifloxysulfuron sodium no solo, mesmo quando aplicado em dose duas vezes maior que a recomendada (15,00 g ha-1, porém M. deeringiana, D. lablab, C. juncea e S. guianenesis foram as espécies que apresentaram maior tolerância ao herbicida, indicando potencial para uso em programas de fitorremediação de trifloxysulfuron sodium em solos.This study aimed to identify trifloxysulfuron sodium-selective plants to be used in phytoremediation programs for this herbicide in soil. Ten plants were evaluated: Medicago sativa, Avena strigosa, Crotalaria juncea, Canavalia ensiformis, Helianthus annus, Dolichus lablab, Stylosantes guianensis, Mucuna deeringiana, Raphanus sativus and Eleusine indica. A randomized block design with split-plots and three replications was used, with the plots being the doses of trifloxysulfuron sodium (0.00; 3.75; 7.50; and 15.00 g ha-1 and the splitplots the evaluation times [15, 30, 45, and 60 days after sowing (DAS]. Plant height and phytotoxicity visual symptoms were evaluated, and, at 60 DAS, dry biomass yield was recorded

  9. “Metamorfose do espaço habitado” em função de uma nova atividade econômica: a exploração de rochas ornamentais e a valorização do solo no município de Barra de São Francisco - Norte do Espírito Santo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Castro Carvalho

    2013-12-01

    Full Text Available O noroeste do estado do Espírito Santo tem vivenciado um “boom” econômico impulsionado pelas atividades mineradoras relacionadas à exploração de rochas ornamentais, sendo o granito o principal responsável por toda essa dinâmica. As terras da região, em particular as áreas urbanas do município de Barra de São Francisco, têm sido alvo de forte especulação imobiliária devido aos crescentes investimentos do setor de rochas ornamentais. Esse setor tem alterado a dinâmica da cidade francisquense, outrora baseada nas atividades agropecuárias, que tinham no café conilon o pilar de sua economia, assim como a (reconfiguração espacial do município como um todo. A proposta do estudo apresentado consiste em apontar indícios e pistas para se pensar o crescimento das cidades de modo racional no uso e na ocupação dos espaços das áreas urbanas e limítrofes, com o gerenciamento planejado de políticas capazes de promoverem a participação dos atores envolvidos identificando-se os conflitos. Essas políticas devem ser compatíveis com as perspectivas envolvidas, procurando estimular atividades economicamente viáveis e que mantenham um ordenamento na apropriação da paisagem. Abstract “METAMORPHOSIS OF INHABITED SPACE” ACCORDING TO A NEW ECONOMIC ACTIVITY: THE EXPLORATION AND EXPLOITATION OF ROCKS ORMANENTAIS SOIL IN THE MUNICIPALITY OF BARRA DE SÃO FRANCISCO - NORTH OF ESPÍRITO SANTO The northwestern state of Espírito Santo has experienced a ‘boom’ economic driven by mining activities related to the exploitation of ornamental rocks, granite being primarily responsible for this whole dynamic. The lands of the region, in particular the urban areas of the municipality of Barra de São Francisco, has been the subject of strong speculation due to increasing investments in the sector of ornamental rocks. This sector has changed the dynamics of the city francisquense, formerly based on agricultural activities, they had coffee

  10. Análise tecidual e celular das brânquias de Oreochromis niloticus L. tratadas com extrato etanólico bruto e frações das folhas da pitanga (Eugenia uniflora L. - Myrtaceae Tissue and cell analysis of Oreochromis niloticus L. gill treated with crude ethanol extract and fractions from pitanga (Eugenia uniflora L. leaves Myrtaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T.S. Fiuza

    2011-01-01

    Full Text Available Eugenia uniflora L. (Myrtaceae é uma planta que ocorre no bioma Cerrado e é utilizada popularmente no tratamento de diarréias, inflamações, hiperglicemia e hipertensão. Estudos prévios revelaram atividade antimicrobiana da E. uniflora in vitro. Tendo em vista o uso popular, este trabalho objetivou avaliar as possíveis atividades celulares e teciduais sistêmicas do extrato bruto e das frações das folhas dessa planta em brânquias de Oreochromis niloticus L. (tilápia nilótica. Para isso, o extrato etanólico e as frações das folhas dessa planta foram administrados no peixe, por via oral, adicionadas à ração. Após um período de 24 horas, os peixes foram sacrificados e o segundo arco branquial de cada peixe foi dissecado, fixado em formalina neutra, desidratado, incluído em parafina e cortado. Nas análises histológicas, utilizaram-se tricômico de Masson e hematoxilina e eosina (HE. Pelas análises qualitativas na microscopia de luz, concluiu-se que o extrato etanólico bruto e as frações das folhas da E. uniflora apresentaram efeito sistêmico nas tilápias nilóticas atingindo as brânquias. As ações tóxicas como destacamento e descamação do epitélio respiratório e hiperplasia das células do epitélio interlamelar, foram mais pronunciadas nas tilápias que ingeriram maiores concentrações. Este trabalho colaborou para identificar o efeito vasodilatador dessa planta, e contribuiu para estabelecer a tilápia nilótica como sistema-modelo para testes com princípios ativos de plantas. Espera-se, com esses testes, viabilizar o uso de plantas como medicamentos para tratamentos de peixes, a manutenção da saúde de animais em cultivo intensivo e extensivo, a partir do qual se possibilite emprego alternativo aos medicamentos sintéticos.Eugenia uniflora L. (Myrtaceae is a plant found in the Cerrado biome and traditionally used in the treatment of diarrheas, inflammations, hyperglycemia and hypertension. Previous studies

  11. Rice seedling and plant development as affected by increasing rates of penoxsulam under controlled environments Desenvolvimento de plântulas e plantas adultas de arroz em função de doses crescentes de penoxsulam em ambiente controlado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2006-01-01

    Full Text Available Rice is a major staple in many countries. Weed control is one of the factors limiting higher rice yield. ALS (acetolactate synthase-inhibiting herbicides are desirable weed control herbicides because of their high efficacy, low toxicity to mammalians, and low rates used. An important herbicide characteristic is high selectivity to the crop, since it facilitates fast crop establishment and greater crop advantage over the weeds. The objectives of this work were to study the effects of increasing rates of the ALS-inhibiting herbicide penoxsulam on seed integrity and germination, and seedling and plant development of rice cv. BRS Pelota under controlled laboratory and greenhouse conditions. The results showed that penoxsulam affected rice germination and seedling and plant growth at rates above 54 g a.i. ha-1, and that penoxsulam is safe for rice seedling development at the currently recommended rates.O arroz é componente importante da dieta humana em vários países. Entre os fatores que limitam o aumento na sua produtividade está o controle de plantas daninhas. Os herbicidas inibidores da ALS (acetolactato sintase são preferidos em razão da alta eficiência no controle de plantas daninhas, da baixa toxicidade aos mamíferos e das baixas doses utilizadas. Uma característica importante que um herbicida deve possuir é a alta seletividade à cultura, pois ela implica estabelecimento mais rápido, com vantagem competitiva sobre as plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos do herbicida inibidor da ALS penoxsulam em doses crescentes sobre a integridade e germinação das sementes, bem como sobre o desenvolvimento inicial das plântulas e da planta adulta do cultivar BRS Pelota, sob condições de ambiente controlado (laboratório e casa de vegetação. Os resultados mostraram que o penoxsulam afetou a germinação e o crescimento de plântulas e plantas adultas nas doses acima de 54 g i.a. ha-1 e que ele é seguro para o

  12. Solarização do solo para o controle de Pythium e plantas daninhas em cultura de crisântemo Soil solarization for Pithium and weed control in chrysanthemum crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. Bettiol

    1994-12-01

    Full Text Available A solarização, durante dois meses, de um solo naturalmente infestado com Pythium, promoveu o controle do patógeno, de modo semelhante à aplicação de metalaxyl + mancozeb, na cultura de crisântemo. A incidência média de plantas mortas foi de 2,3% nas parcelas solarizadas; 1,0% no solo solarizado que recebeu metade da dose dos fungicidas; 9,0% com a aplicação da dose completa dos fungicidas (1 g de metalaxyl + 4,8 g de mancozeb/m² e 38,9%, na testemunha não tratada. A solarização também promoveu o controle de plantas daninhas, avaliado através do peso da matéria seca das plantas emergentes aos 21 dias após o transplante das mudas, semelhantemente ao herbicida oxidiazon.Two months solarization of a soil naturally infested with Pythium sp. promoted a level of control similar to what was obtained with the application of methalaxyl + mancozeb for the chrysanthemum crop. The average rate of dead plants was 9.0% with the application of fungicides (1 g of methalaxyl + 4.8 g of mancozeb/ m²; 2.3% in solarized plots; 1.0% in solarized plots which received half the dosages of the fungicides and 38.9% in control plots. Similar control of weeds was obtained in solarized plots and plots treated with the herbicide oxidiazon.

  13. Obtenção e uso das plantas medicinais no distrito de Martim Francisco, Município de Mogi-Mirim, SP, Brasil Acquisition and use of medicinal plants in Martim Francisco district, Mogi Mirim Municipality, São Paulo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milena Andrea Curitiba Pilla

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi realizar um inventário das plantas medicinais conhecidas e usadas pela população do distrito de Martim Francisco, Município de Mogi-Mirim, SP, bem como conhecer seus empregos e sua importância na comunidade. Foram amostradas aleatoriamente 50 unidades domiciliares. Apenas um dos adultos responsáveis pela casa (homem ou mulher foi entrevistado, através de questionários. As plantas citadas foram coletadas e fotografadas paralelamente à aplicação dos questionários. O material botânico foi identificado e depositado no Herbarium Rioclarense (HRCB. Ao todo, foram catalogadas 107 espécies botânicas, predominantemente herbáceas e cultivadas, distribuídas em 40 famílias, sendo as famílias Lamiaceae e Asteraceae as mais representativas. Os índices de diversidade (H' = 4,07; e = 0,87 foram altos, se comparados aos obtidos em outros trabalhos no interior do Estado de São Paulo. Na preparação dos remédios, as folhas foram a parte da planta mais utilizada e a decocção a principal forma de preparo. A via oral foi a mais empregada para a administração dos medicamentos e as doenças mais freqüentemente tratadas por remédios caseiros referem-se aos Sistemas Digestivo e Respiratório. Não existe um rigor na posologia e na duração do tratamento, ficando este a critério do hábito de cada pessoa entrevistada. As plantas que apresentaram índice de importância relativa e concordância de uso acima de 60% foram: boldo (Plectranthus barbatus Andrews, capim-santo (Cymbopogon citratus (DC Stapf, hortelã (Mentha sp. 2 e poejo (Cunila microcephala Benth..The aim of this work was to do an ethnobotanical survey of medicinal plants known and used by people in the Martim Francisco district, Mogi Mirim Municipality, São Paulo State, Brazil, as well as to investigate their application and importance for the community. A questionnaire was applied to a random sample of 50 households; in each, one adult (male

  14. Enzymatic antioxidant responses to biostimulants in maize and soybean subjected to drought Respostas de enzimas antioxidantes a bioestimulantes em plantas de milho e de soja sob estresse hídrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Feitosa de Vasconcelos

    2009-06-01

    Full Text Available Water stress is one of the most important environmental factors inducing physiological changes in plants, such as decrease in the water potential of the cells, the stomatal closure; and the development of oxidative processes mediated by reactive oxygen species (ROS. Antioxidant enzymes superoxide dismutase (SOD, catalase (CAT, and ascorbate peroxidase (APX are efficient scavengers of ROS. The aim of this research was to examine how the application of biostimulant based on humic substances and aminoacids may affect activity levels of SOD, CAT, and APX of maize and soybean plants under well-watered or drought stress conditions. Pots (4.5 L were filled with a Typic Hapludult soil where the biostimulants doses were applied. It was taken leaf samples in order to analyze SOD, CAT, and APX activities in plants. SOD and APX activity levels were increased by application of biostimulant 1 in maize subjected to stress. Catalase activity was not enhanced in plants by using the biostimulants. The composition of the biostimulants was not able to enhance stress tolerance in maize and soybean plants subjected to water stress.O estresse hídrico é um dos mais importantes fatores ambientais que induz mudanças fisiológicas, como diminuição do potencial de água na célula, o fechamento dos estômatos e o desenvolvimento de processos oxidativos mediante a formação das espécies reativas de oxigênio (ROS. As enzimas antioxidantes superóxido dismutase (SOD, catalase (CAT e ascorbato peroxidase (APX são eficientes eliminadores das ROS. O objetivo deste estudo foi examinar como a aplicação de bioestimulantes com substâncias húmicas e aminoácidos em sua composição afeta os níveis de SOD, CAT e APX nos tecidos das folhas de plantas de milho e de soja cultivadas com ou sem estresse hídrico. Amostras de um Argissolo foram colocadas em vasos (4,5 L onde foram adicionadas as doses dos bioestimulantes. Foram retiradas amostras de folhas para análise da

  15. Efeito da luminosidade e da adição de nitrogênio no crescimento de plantas de Ilex paraguariensis St. Hil. Effect of light and nitrogen on the growth of Ilex paraguariensis St. Hil.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Zbigniew Mazuchowski

    2007-08-01

    Full Text Available Neste trabalho, buscou-se identificar o efeito de diferentes níveis de luminosidade e da adição de adubo nitrogenado sobre o crescimento das plantas de erva-mate, no primeiro ano de crescimento. No experimento, usou-se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições, em quatro tratamentos e dois subtratamentos, tendo 16 parcelas por bloco. O esquema adotado foi o fatorial, tendo como variável constante a luminosidade em quatro intensidades (100, 70, 50 e 30% e o nitrogênio como variável interveniente sobre as parcelas. As leituras foram efetuadas a cada 45 dias, em três horários diários por três dias consecutivos, durante um ano. Verificou-se que a condição mais adequada para o crescimento das plantas foi com luminosidades de 50 e 30%. A adição de nitrogênio não mostrou influência relevante no crescimento da erva-mate, especialmente nas luminosidades de 100 e 70%, enquanto o aumento da luminosidade tendeu a reduzir o crescimento das plantas. Contudo, as plantas adubadas (1N tiveram maior rebrota que aquelas não-adubadas. A adição de nitrogênio mineral, em dosagens elevadas, foi danosa para as plantas de erva-mate, acarretando a mortalidade nas parcelas com tratamentos de maior luminosidade.This paper aimed to evaluate the effect of different levels of luminosity and nitrogen addition on the height of mate plants in the first year of growth. The experiment was arranged in randomized blocks, with three replicates, in four treatments and two sub-treatments, in a total of 16 plots per block, in a factorial design, with the luminosity in four different intensities (100%, 70%, 50% and 30% and the nitrogen application as the intervening variable on the plots. Data were collected every 45 days, in three daily schedules during three consecutive days, over one year. It was found that the best conditions to plant growth were 50% and 30% luminosity. The nitrogen addition have no relevant influence in plant growth, particularly

  16. Las Plantas Cultivadas y Sus Plagas.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Universidad Nacional de Colombia Facultad de Ciencias Agropecuarias

    1942-12-01

    Full Text Available El artículo contiene en orden alfabético las plantas cultivadas con las diferentes plagas por las cuales se ven afectadas y para las que se han venido buscando mecanismos de control y erradicación. Algunas de estas plantas son: Aguacate, Acacia, Almendro, Algodón, Banana, Cacahuate, Cacao, Cafeto, Caña de azúcar, Caoba, Carambola, Cedro, Granadilla, Limón, Maíz, Tabaco, entre otras.

  17. Effect of benzene compounds from plants on the growth and hyphal morphology in Neurospora crassa Efeito de compostos benzênicos de plantas sobre o crescimento e a morfologia das hifas em Neurospora crassa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrícia Mendonça Neves

    2005-06-01

    Full Text Available The effects of the benzene compounds from plants, respectively cinnamic acid, coumaric acid, ferulic acid, caffeic acid, and cinnamic aldehyde on growth and hyphal morphology of Neurospora crassa, were investigated. Cinnamic acid, ferulic acid and cinnamic aldehyde inhibited colony growth, but produced no visible alterations on hyphae. Caffeic acid and coumaric acid did not inhibit growth, but changed hyphal morphology. The results suggest that caffeic and coumaric acids probably affect polarity maintenance (the continued deposition of wall material at the extending tip, while cinnamic aldehyde, ferulic and cinnamic acids decrease growth rate, but did not change hyphal polarity. The actin cytoskeleton and the Spitzenkörper appeared diffuse and not clearly visible when one of the benzene compounds was present in the culture.Os efeitos de compostos benzênicos de plantas, respectivamente ácido cinâmico, ácido coumárico, ácido ferúlico, ácido cafeico e aldeído cinâmico, sobre o crescimento da colônia e a morfologia das hifas de Neurospora crassa foram investigados. Ácido cinâmico, ácido ferúlico e aldeído cinâmico inibiram o crescimento colonial, mas não produziram diferenças visíveis sobre as hifas. Ácido cafeico e ácido coumárico não inibiram o crescimento, mas alteraram a morfologia das hifas. Os resultados sugerem que os ácidos cafeico e coumárico afetam provavelmente a manutenção da polaridade (a contínua deposição de material da parede na ponta em extensão, enquanto aldeído cinâmico e os ácidos cinâmicos e ferúlico diminuem a velocidade de crescimento, mas não alteram a polaridade das hifas. Actina no citoesqueleto e no Spitzenkörper apareceu difuso e não estava claramente visível na presença de um dos compostos benzênicos na cultura.

  18. RELACIONAMENTOS INTERORGANIZACIONAIS HORIZONTAIS E FORMAÇÃO DE VALOR EM REDES DE AGRONEGÓCIOS: O CASO DE UMA REDE DE FLORICULTURAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heron Sergio Moreira Begnis

    2011-12-01

    Full Text Available O artigo tem como objetivo analisar o processo de formação de valor nos relacionamentos interorganizacionais horizontais (em rede no agronegócio de flores e plantas ornamentais em Santa Cruz do Sul - RS. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e de caráter exploratório onde o método investigativo empregado foi o estudo de caso, constituído pela Rede Aflor. A coleta dos dados operou-se por meio de entrevistas com o principal gestor de cada uma das organizações que formam essa rede. A análise do caso sustenta-se em um modelo teórico que apresenta o processo de formação de valor através do relacionamento entre organizações como sendo composto ou caracterizado pela presença e atuação de elementos de valor transacional e elementos de valor relacional. Os primeiros associados a atributos de caráter objetivo e os segundos com um maior nível de subjetividade e complexidade sendo que cooperação, confiança, compensação, comunicação, compartilhamento e comprometimento, figuram como elementos básicos da formação de valor relacional.

  19. Levantamento sobre o uso de plantas medicinais com a terapêutica anticâncer por pacientes da Unidade Oncológica de Anápolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.A.R. Oliveira

    2014-03-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo conhecer o perfil dos pacientes em tratamento contra o câncer da Unidade Oncológica de Anápolis quanto ao uso de plantas medicinais. Foram entrevistados 59 pacientes (42,12% da população estudada por meio de questionários avaliativos enfatizando características sócio-demográficas e dados referentes à utilização de plantas medicinais. Evidenciou-se o uso indiscriminado de plantas medicinais entre os pacientes. A maioria dos entrevistados compartilha a opinião errônea de que plantas medicinais não fazem mal. A orientação sobre a forma de utilização das plantas ocorre, principalmente, pela informação de familiares ou amigos, e os profissionais da saúde muitas vezes são ignorados neste processo. Constatou-se que as plantas medicinais são utilizadas para o tratamento de enfermidades de baixa a alta gravidade, como o câncer. Dentre as 14 espécies usadas pelos pacientes com finalidade antineoplásica as mais mencionadas foram as popularmente conhecidas como noni, babosa, graviola e romã. Apesar de alguns estudos relatarem atividade antineoplásica ou quimiopreventiva para algumas espécies vegetais, muitas delas podem ser tóxicas ou apresentar potencial risco quando usadas concomitantemente ao tratamento convencional. Desta forma, observa-se que é preciso mais profissionais especializados para orientação sobre o risco de reações adversas e interações medicamentosas no que se refere ao uso de espécies vegetais e a terapêutica do câncer.

  20. AS CONTRIBUIÇÕES DO MELHORAMENTO GENÉTICO DE PLANTAS PARA A PRODUÇÃO ALIMENTÍCIA: ASPECTOS ECONÔMICOS E SUSTENTÁVEIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talles de Oliveira Santos

    2017-01-01

    Full Text Available O grande crescimento populacional no Brasil e no mundo exige a todo momento o aumento das cadeias produtivas de alimento para que as necessidades da população sejam supridas. Porém é preciso que esse aumento nas cadeias produtivas seja realizado de maneira sustentável uma vez que a fragmentação da vegetação natural dos biomas é um problema crescente no Brasil. Logo, é preciso que sejam utilizadas alternativas para uma produção que não explore demasiadamente os recursos naturais. Tendo isso em vista, esse trabalho, baseado em uma revisão de literatura, tem como objetivo destacar a relevância do melhoramento para o Brasil.  A importância do melhoramento de plantas é apresentada em diversos estudos realizados, uma vez que a mesma é capaz de aumentar a produtividade das áreas já utilizadas para a agricultura sem a necessidade expansão dessas áreas. Outra vantagem significativa encontrada é no setor econômico, considerando que o Brasil é um dos países que mais produz grãos no mundo. Então, pôde-se perceber o quanto é essencial o desenvolvimento do estudo do melhoramento genético de plantas.

  1. Parâmetros de planta para aprimorar o manejo da adubação nitrogenada de cobertura em milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rambo Lisandro

    2004-01-01

    Full Text Available O milho é uma das culturas mais exigentes em fertilizantes nitrogenados os quais proporcionam os maiores acréscimos no rendimento de grãos. Para manter a planta bem nutrida, há necessidade de estimar corretamente a quantidade de nitrogênio (N que deve ser aplicada no solo, com intuito de satisfazer as suas necessidades durante todo o ciclo. No Rio Grande do Sul e Santa Catarina, o teor de matéria orgânica, a expectativa de rendimento de grãos e a contribuição da cultura antecedente como fonte de N são os parâmetros que têm servido como critério para recomendação de adubação nitrogenada no milho. No entanto, considerando a complexidade da dinâmica do N no solo, e todas as modificações que ocorrem durante a ontogenia desta cultura, outros parâmetros podem ser úteis para auxiliar na decisão sobre o manejo da adubação nitrogenada em cobertura. Vários parâmetros de planta têm sido estudados como indicadores do nível de N no tecido. Dentre estes, destacam-se o teor de nitrato no colmo, o teor e o acúmulo de N na folha e/ou planta e o teor relativo de clorofila na folha. A estimativa do teor de clorofila na folha pelo clorofilômetro tem sido bastante estudada nos últimos anos, em função da sua rapidez, precisão e baixo custo. Esta revisão visa abordar parâmetros de planta que podem ser utilizados como indicadores do nível de N na planta para predizer a necessidade de adubação nitrogenada em cobertura na cultura do milho, objetivando aumentar a eficiência de uso do nutriente e reduzir o impacto ambiental do N aplicado.

  2. Efeito de coberturas de inverno e sua época de manejo sobre a infestação de plantas daninhas na cultura de milho Effect of winter cover crops and their management timing on weed infestation in maize crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Balbinot Jr.

    2007-09-01

    Full Text Available No sistema de plantio direto, a presença de palha sobre o solo proporciona significativa supressão de plantas daninhas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de coberturas de inverno e sua época de manejo em reduzir a infestação de plantas daninhas na cultura de milho quando semeada em sucessão. Dois experimentos foram realizados em Canoinhas, SC, nas safras 2003/04 e 2004/05. No primeiro experimento, avaliaram-se seis coberturas de solo no inverno: nabo forrageiro, aveia-preta, centeio, azevém, consórcio entre aveia-preta e ervilhaca e o consórcio entre nabo forrageiro, aveia-preta, centeio, azevém e ervilhaca. Essas coberturas foram roçadas em três épocas antes da semeadura do milho: 1, 10 e 25 dias. Já no segundo experimento, foram avaliados os efeitos de supressão de plantas daninhas pela palha das seis coberturas citadas anteriormente, mais a ervilhaca. As palhas de azevém e do consórcio das cinco espécies utilizadas no experimento apresentaram alta capacidade em suprimir a emergência e o acúmulo de massa seca das plantas daninhas, enquanto a palha de nabo forrageiro apresentou baixo potencial de supressão. O manejo das coberturas próximo à semeadura da cultura de milho reduziu a infestação de plantas daninhas.Straw on the soil significantly reduces weed infestation under the no-tillage system. The aim of this research was to evaluate the potential of winter cover crops and their management timing in reducing weed infestation in maize crop. Two experiments were carried out in Canoinhas, SC, Brazil, in 2003/2004 and 2004/2005. In the first experiment, six winter cover crops were investigated: oilseed radish, black oat, rye, rye grass, intercropped among black oat and common vetch and among oilseed radish, black oat, rye, ryegrass and common vetch. These cover crops were slashed down at three different times before maize seeding (1, 10 and 25 days. In the second experiment, the potential to reduce weed

  3. Intoxicações por plantas em ruminantes no Brasil e no Uruguai: importância econômica, controle e riscos para a saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riet-Correa Franklin

    2001-01-01

    Full Text Available As intoxicações por plantas em animais de produção, no Brasil e no Uruguai são conhecidas desde que os pioneiros Espanhóis e Portugueses introduziram as primeiras cabeças de gado em pastagens naturais da região. As perdas econômicas ocasionadas pelas intoxicações por plantas podem ser definidas como diretas ou indiretas. As perdas diretas são causadas pelas mortes de animais, diminuição dos índices reprodutivos (abortos, infertilidade, malformações, redução da produtividade nos animais sobreviventes e outras alterações devidas a doenças transitórias, enfermidades subclínicas com diminuição da produção de leite, carne ou lã, e aumento à susceptibilidade a outras doenças devido a depressão imunológica. As perdas indiretas incluem os custos de controlar as plantas tóxicas nas pastagens, as medidas de manejo para evitar as intoxicações como a utilização de cercas e o pastoreio alternativo, a redução do valor da forragem devido ao atraso na sua utilização, a redução do valor da terra, a compra de gado para substituir os animais mortos, e os gastos associados ao diagnóstico das intoxicações e ao tratamento dos animais afetados (Riet-Correa et al. 1993, James 1994. As perdas econômicas causadas pelas intoxicações por plantas são difíceis de se estimar por que não existem dados confiáveis sobre todos esses componentes, no entanto, as perdas causadas por mortes são fáceis de determinar quando dispomos de dados elaborados por laboratórios de diagnóstico, sobre a freqüência das causas de mortes dos animais numa determinada região.

  4. PLANTAS PARA CAMBIAR EL COMPORTAMIENTO HUMANO ENTRE LOS SHIPIBO-CONIBO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacques Tournon

    1988-12-01

    Full Text Available En este artículo presentamos varias categorías de plantas clasificadas por sus acciones específicas. Para cada categoría de plantas recolectamos una ovarias especies botánicas. Los datos etnográficos y las muestras botánicas fueron recolectados en diversas comunidades Shipibo-conibo del Alto Ucayali. Estas plantas son utilizadas para inducir, cambiar, corregir estados mentales y tipos de comportamientos, entonces revelan normas de buena conducta.Estudiamos como se aplican estas normas por medio de estas plantas y quieneslas aplican. Así, este artículo trata de lo que estas plantas revelan de la sociedad Shipibo-conibo. Esta aproximación es una aplicación interesante de la etnobotánica a la antropología social.

  5. Contaminação fúngica de plantas medicinais utilizadas em chás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ravely Lucena Santos

    2013-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica quanto à presença de fungos filamentosos em ervas do tipo Peumus boldus Molina (Boldo, Pimpinella anisum L. (erva-doce e Matricaria chamomilla L. (Camomila comercializadas na cidade de Campina Grande (Paraíba. Nove amostras de cada planta foram analisadas, totalizando 27 amostras, obtidas aleatoriamente nas feiras livres e barracas informais da cidade. Cada 10 g de amostra foram suspensas em 90 mL de solução salina 0,89% estéril, obtendo-se o concentrado, a partir do qual foram realizadas diluições sucessivas. A seguir, uma alíquota de 0,1mL de cada diluição foi semeada em placas de Petri contendo Ágar Sabouraud Dextrose, as quais foram incubadas à temperatura ambiente por cinco a dez dias. Após este período foram contadas as colônias fúngicas presentes e realizados seus respectivos microcultivos para identificação através de microscópio óptico. Foram encontrados fungos toxigênicos como Aspergillus sp., Penicillium sp. e Fusarium sp., estando o primeiro presente em todas as amostras avaliadas. Também foram identificados os fungos Exophiala sp. e Fonsecaea sp., que possuem importância clínica, podendo causar micose. A forma como estas plantas são armazenadas para comercialização e a falta de fiscalização torna questionável a qualidade das plantas comercializadas para obtenção de chás, o que pode comprometer a saúde do consumidor ao utilizar esses produtos na forma de Chá.

  6. Parasitism by Campoletis flavicincta on Spodoptera frugiperda in corn Parasitismo de Campoletis flavicincta sobre Spodoptera frugiperda em plantas de milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto da Costa Matos Neto

    2004-11-01

    Full Text Available Parasitism by Campoletis flavicincta (Ashmead (Hymenoptera: Ichneumonidae on Spodoptera frugiperda (Smith (Lepidoptera: Noctuidae and consequent reduction of production losses were evaluated on caged corn plants in the field. Treatments consisted of plots infested with 0 (control, 15 and 30 pairs of C. flavicincta with egg masses per cage and plot infested without cage and liberation of the parasitoid. Parasitoid release was done when S. frugiperda larvae were three-day-old. Fifty corn plants (40% per plot were collected seven days after infestation and S. frugiperda larvae present were reared in glass cups on an artificial diet. Number of S. frugiperda larvae was reduced by C. flavicincta but mortality of the pest and parasitoid sex ratio in laboratory were similar among treatments. Total progeny and female production from collected larvae were similar among densities of released parasitoid. Parasitism rate was higher on 30 than on 15 pairs of C. flavicincta. Damage on corn plants at seven and 14 days after S. frugiperda infestation had similar grades at 0, 15 or 30 C. flavicincta pairs and higher values than the plots without cage. Damage by S. frugiperda was lower at 30 C. flavicincta pairs after 21 days of infestation. Final stand, stand reduction by plant death and corn productivity were similar among treatments.O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial do parasitóide Campoletis flavicincta (Ashmead (Hymenoptera: Ichneumonidae no controle de Spodoptera frugiperda (Smith (Lepidoptera: Noctuidae em plantas de milho protegidas por gaiolas no campo. Os tratamentos consistiram de parcelas infectadas com 0 (controle, 15 e 30 casais de C. flavicincta liberados por gaiola e parcela infestada, além de parcelas sem gaiola e sem liberação do parasitóide. C. flavicincta foi liberado quando as larvas de S. frugiperda estavam com três dias de idade. Em cada parcela, 40% das plantas foram colhidas sete dias após a infestação, e as larvas

  7. Uso de bioestimulantes no crescimento de plantas de soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdere Martins dos Santos

    2017-07-01

    Full Text Available Na agricultura atual, o uso de produtos bioestimulantes, tornou-se uma opção viável e econômica, para a obtenção de altos rendimentos e melhorias na qualidade do produto. Embora, poucos estudos tenham abordado, o efeito dos bioestimulantes sobre os aspectos biométricos. Portanto, objetivou-se avaliar o uso de bioestimulantes, isolados e combinados, no desempenho agronômico de plantas de Glycine max (L.. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Universidade Federal do Tocantins, Gurupi-TO. Os tratamentos foram constituídos por três bioestimulantes (BU-RG, BU-EC e BU-VG utilizados em aplicações de três maneiras (via semente, via foliar e combinados. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Foram avaliadas as seguintes características; altura das plântulas, diâmetro do caule, massa seca de folhas, massa seca de caule, massa seca de raízes e volume do sistema radicular. O bioestimulante BU-EC aplicado via semente apresentou a maior taxa de crescimento em altura de plântulas. A combinação dos bioestimulantes BU-RG via semente + BU-VG via foliar, promoveu a maior taxa de acúmulo de massa seca da folha. Na variável massa seca da raiz o tratamento BU-RG via semente + BU-EC via foliar promoveram o maior aumento. Os tratamentos BU-VG2 e BU-RG1+BU-VG2 proporcionam incremento na altura de planta, maior produção de massa seca de raiz e aumento do volume do sistema radicular tanto em aplicação via semente quanto via foliar.

  8. Resistance of genetically modified potatoes to Potato virus Y under field conditions Resistência de plantas de batata geneticamente modificadas ao Potato virus Y em condições de campo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Nepomuceno Dusi

    2009-09-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the resistance of genetically modified clones of potato to Potato virus Y (PVY under field conditions. Genetically modified plants were compared with nontransformed plants of the same cultivar. The plots were flanked with potato plants infected with both PVYº and PVY N strains (spread lines, in order to provide the experimental area with the source of virus, which was naturally spread by the native aphid population. The experiment was weekly monitored by visual inspections and by DAS-Elisa in the plants produced from the harvested tubers, in order to evaluate the resistance of transgenic plants throughout the plant growth cycle. By the end of the third year, no infection symptoms were observed in the 1P clone; clone 63P showed 1% of infection, in contrast to about 90% of nontransformed plants infected. The stable expression of resistance to PVY provided by the coat protein gene was obtained in genetically modified clones of potato plants cultivar Achat under field conditions, during three consecutive years.O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de clones geneticamente modificados de batata ao Potato virus Y (PVY em condições de campo. As plantas geneticamente modificadas foram comparadas com plantas não modificadas da mesma cultivar. As parcelas foram delimitadas com plantas infectadas com as estirpes PVYº e PVY N (linhas disseminadoras, para tornar disponível, na área experimental, a fonte de inóculo de vírus, que foi naturalmente disseminada pela população nativa de afídeos. O experimento foi monitorado semanalmente por inspeção visual e por DAS-Elisa nas plantas produzidas a partir dos tubérculos colhidos, para avaliar a resistência de plantas transgênicas ao longo do ciclo de crescimento. Ao final do terceiro ano, nenhum sintoma de infecção foi observado no clone 1P; o clone 63P apresentou 1% de infecção, em contraste com cerca de 90% de plantas-controle infectadas

  9. Genetic diversity in rosewood saplings (Aniba rosaeodora ducke, Lauraceae: an ecological approach Diversidade genética em plantas jovens de Pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke, Lauraceae: uma abordagem ecológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Pereira Santos

    2008-12-01

    Full Text Available This article takes an ecological approach to the genetic diversity of Rosewood (Aniba rosaeodora Ducke in a central Amazonian terra firme forest north of Manaus. Planted Rosewood setting, under partial shaded canopy, were assessed in terms of fruiting production, frugivory, and seed dispersal. Using RAPD molecular analysis procedures, the influence of the spatial distribution of adult trees on the genetic diversity (polymorphism of saplings was assessed with genetic samples from 34 reproductive trees and 60 saplings. The density and distribution patterns the reproductive trees did not modify the sapling"s diversity (1.86%, AMOVA. Two types of adult tree dispersion were identified; i clumped and ii more widely dispersed. Polymorphism (77.5% and gene flow were high between these. Although more sapling genetic variability in areas with a higher density of mature plants was not as high as expected, density did not affect the genetic diversity of samplings, indicating a high incidence of gene flow amongst trees. In planted Rosewood population (surrounded by low disturbed forest, fruiting trees experienced a high level of removal of seeds by toucans (Rhamphastidae, about of 50%. The high gene flow found among native trees suggested that toucans, promoting seed rain at short and long distances from maternal trees, actively contribute to the maintenance of genetic diversity within wild rosewood populations.Dados genéticos e ecológicos foram obtidos do Pau-rosa (Aniba rosaeodora Ducke em uma floresta de terra firme localizada ao norte de Manaus. Em um sistema de plantio composto de plantas sob sombreamento parcial, foram analisados dados de frugivoria, produção de frutos e dispersão. Numa população natural, com 34 plantas adultas e 60 jovens, foi analisada a influência da distribuição espacial das plantas adultas na diversidade genética (polimorfismo das jovens utilizando o marcador molecular RAPD. O modelo de distribuição e densidade das

  10. Conhecimento botânico medicinal sobre espécies vegetais nativas da caatinga e plantas espontâneas no agreste da Paraíba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M.P. Cordeiro

    2014-01-01

    Full Text Available O bioma Caatinga apresenta diversas espécies vegetais amplamente empregadas pelas populações rurais, especialmente na fitoterapia, abrangendo diversos usos no tratamento de determinadas enfermidades. As plantas espontâneas, apesar de serem entendidas como espécies daninhas ou invasoras, concomitantemente apresentam propriedades fitoquímicas que podem ser aproveitadas no âmbito medicinal. Nesta concepção, o referente trabalho tem como objetivo identificar espécies vegetais nativas da Caatinga, assim como plantas espontâneas, empregadas na medicina popular através de estudo etnobotânico desenvolvido na zona rural do município de Serra da Raiz, Agreste da Paraíba, Nordeste do Brasil. O levantamento das plantas de uso fitoterápico foi estabelecido através de questionamentos e entrevistas semiestruturadas com 57 famílias da região. Foram coletadas informações referentes a 55 espécies vegetais e seus empregos terapêuticos, destacando-se entre elas: Myracrodruom urundeuva Allemão (Aroeira, Genipa americana L. (Jenipapo, Solanum paniculatum L. (Jurubeba e Anadenanthera colubrina (Vell. Brenan (Angico por serem amplamente utilizadas no tratamento de diversas enfermidades pelos moradores locais.

  11. Caracterização fenólica das uvas 'Alicante' e 'Syrah' cultivadas em safra fora de época

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandro Jefferson Sato

    2012-03-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi caracterizar a evolução da maturação fenólica das videiras 'Alicante' e 'Syrah' (Vitis vinifera L. cultivadas fora de época. A área experimental foi instalada em uma propriedade pertencente à Vinícola Intervin®, localizada em Maringá-PR. Os vinhedos foram estabelecidos em julho de 2001, e as plantas foram conduzidas no sistema latada (4,0 x 1,5 m, enxertadas sobre o porta-enxerto IAC 766 'Campinas'. As podas curtas de formação (duas gemas foram realizadas no fim do mês de agosto de 2007 e 2008, e as podas longas de produção (oito gemas foram realizadas no fim de fevereiro de 2008 e 2009. As avaliações foram realizadas em duas safras fora de época (2008 e 2009, a partir do início da maturação das uvas até sete dias após a colheita. Foram utilizadas 20 plantas representativas de cada variedade. Para a evolução da maturação fenólica das uvas, foi determinado o teor de antocianinas e o índice de polifenóis totais (IPT do mosto das bagas. Por ocasião da colheita, foi avaliado o teor de resveratrol do mosto das uvas. Para a 'Alicante', a média do teor de antocianinas foi de 55,4 mg 100g-1, IPT de 474,0 mg 100g-1 e teor de resveratrol de 7,6 µg g-1. Para a 'Syrah', observou-se teor médio de antocianinas de 44,8 mg 100g-1, IPT de 487,7 mg 100g-1 e teor de resveratrol de 6,4 µg g-1. Considera-se que a evolução da maturação fenólica das uvas estudadas neste trabalho (progressiva para antocianinas e oscilatória para IPT e o teor dos compostos fenólicos no momento da colheita são adequados para que estas sejam utilizadas como matéria-prima na elaboração de vinhos finos.

  12. Selección natural sobre a cor das flores de Gentiana lutea L.

    OpenAIRE

    Veiga Blanco, Tania

    2015-01-01

    A variación floral dentro dunha de especie pode resultar da variación espacial nos axentes de selección. A cor floral podería variar pola selección dos animais que se alimentan das plantas. Os polinizadores poderían exercer selección natural sobre a cor, si a cor inflúe na eficacia do consumo. Outros axentes de selección, como os predadores de sementes, poderían seleccionar sobre a cor, si a cor indica recursos alimentarios (sementes) ou si a cor está relacionada con defensas químicas. Así, a...

  13. Avaliação de diferentes coberturas na supressão de plantas daninhas no cerrado Evaluation of weed suppression using different crop covers under Brazilian cerrado soil conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.K. Meschede

    2007-09-01

    Full Text Available A definição de espécies com elevada produtividade de fitomassa para cobertura do solo é um dos fatores de sucesso do sistema plantio direto. O cultivo de solos tropicais e subtropicais, baseado em práticas de preparo com intenso revolvimento, normalmente resulta na maior incidência de plantas invasoras. Objetivou-se neste trabalho comparar diferentes tipos de cobertura vegetal quanto ao potencial de supressão das plantas invasoras em áreas do cerrado. Foram avaliados sete tipos de cobertura (milheto ADR500, milheto ADR 300, sorgo, milho, crotalária, mamona e vegetação espontânea mais a testemunha mantida no limpo (capinada. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições. O sorgo apresentou maior peso de cobertura seca (11.890 kg ha-1 e, juntamente com o milheto e a crotalária, demonstrou maior capacidade de supressão das plantas invasoras, pela maior capacidade de cobertura do solo. A vegetação espontânea apresentou os menores valores de biomassa. O milho e a mamona são culturas com menor potencial de cobertura do solo. O acúmulo de biomassa pelas coberturas foi inversamente proporcional ao da biomassa das plantas invasoras.The definition of plant species with higher production for soil mulching is one of the main factors for a successful no-tillage system. The practice of soil tillage in tropical and subtropical regions based on intensive soil revolving results in decreased organic matter and increased weed incidence. Thus, the aim of this work was to compare the potential of different soil mulching to suppress weeds under no-tillage system in Brazilian cerrado areas. Thus, seven treatments were evaluated consisting of the following soil crop covers: Millet ADR 500 (Penisetum americanum L., Millet ADR300, Sorghum (Sorghum bicolor L., Maize (Zea mays L., Crotalaria (Crotalaria juncea L., Castorbean plant (Ricinus communis L. and spontaneous vegetation. A randomized block experimental design with 4

  14. INTERACCIÓN PLANTA-HONGOS MICORRÍZICOS ARBUSCULARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Camarena-Gutiérrez

    2012-01-01

    Full Text Available La simbiosis de la micorriza arbuscular está formada por las raíces de más del 80 % de las especies de plantas terrestres y los hongos Zigomicetes del Orden Glomales. Los efectos benéficos de esta simbiosis suceden como resultado de un diálogo molecular complejo entre los socios simbióticos. La identificación de las moléculas involucradas en este proceso es un prerrequisito para una mayor com¬prensión de la simbiosis. Hay evidencia de los eventos de señalización-reconocimiento en diferentes estados de las interacciones planta-hongo en la micorriza arbuscular, pero no se conoce la naturaleza de las moléculas señal y los procesos de percepción-transducción. Para conocer el potencial de la micorriza arbuscular en la agricultura sustentable, es preciso identificar las moléculas principales de la interacción planta-hongo. Existen numerosos métodos disponibles para el análisis molecular de los hongos arbusculares que ayudan a comprender la interacción dinámica entre las plantas y éstos.

  15. O Uso de Imagens Digitais na Classificação de Flores de Corte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GLÁUCIA MORAES DIAS

    2010-12-01

    Full Text Available O uso de técnicas de imagem em processo de produção agrícola está se tornando uma ferramenta muito promissora em apoio ao desenvolvimento da padronização, que levam em consideração a forma e o tamanho do produto. A análise dos elementos individuais no processo de classificação ou reconhecimento inicial da espécie, atende aos requisitos de tempo e precisão. O Brasil apresenta um enorme potencial para desenvolver a produção de flores e plantas ornamentais para o mercado interno, bem como para os mercados internacionais. Atualmente a produção de flores proporciona uma renda próxima a EUA $ 1,3 bilhões / ano, reunindo mais de 500 produtores concentrados em uma área de 8500 hectares, gerando uma receita de U $ 35 milhões no ano de 2007. As flores do Brasil e estratégia de exportação de plantas ornamentais tem o objetivo de orientar e dirigir as potencialidades específicas de produção de flores para aproveitar as oportunidades comerciais oferecidas pelo mercado internacional, enfatizando a tecnologia pós-colheita. É possível expressar um produto de qualidade por meio de imagens digitais. Programas de computador geram satisfatoriamente as análises necessárias para os padrões desejados, produzindo um processo rápido e eficiente. É esperado, que no futuro, o mercado brasileiro venha a adotar a classificação automática, reduzindo custos, melhorando a eficiência e a qualidade do produto oferecido ao consumidor.

  16. Automatic controller to water plants Acionador automático para irrigar plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Oliveira Medici

    2010-12-01

    Full Text Available Despite the massive demand of water for plant irrigation, there are few devices being used in the automation of this process in agriculture. This work evaluates a simple controller to water plants automatically that can be set up with low cost commercial materials, which are large-scale produced. This controller is composed by a ceramic capsule used in common domestic water filters; a plastic tube around 1.5 m long, and a pressostate used in domestic washing machines. The capsule and the pressostate are connected through the tube so that all parts are filled with water. The ceramic capsule is the sensor of the controller and has to be placed into the plant substrate. The pressostate has to be placed below the sensor and the lower it is, the higher is the water tension to start the irrigation, since the lower is the pressostate the higher is the water column above it and, therefore, the higher is the tension inside the ceramic cup to pull up the water column. The controller was evaluated in the control of drip irrigation for small containers filled with commercial organic substrate or soil. Linear regressions explained the relationship between the position of pressostate and the maximum water tension in the commercial substrate (p A despeito da enorme demanda por água na irrigação de plantas, existem poucos aparelhos para automação deste processo sendo usados na agricultura. Avaliou-se um acionador automático para irrigação, o qual pode ser confeccionado com materiais comerciais de baixo custo, pois são produzidos em larga escala. Este acionador é composto por uma cápsula cerâmica usada em filtros de água domésticos; um tubo plástico com cerca de um metro e meio de comprimento e um pressostato de máquinas de lavar roupas domésticas. A cápsula e o pressostato são conectados pelo tubo de forma que todo o espaço interno seja preenchido com água. A cápsula é o sensor do acionador e deve ser posicionada dentro do substrato das

  17. Crescimento e produção de hastes florais de gladíolo cultivado sob diferentes tensões de água no solo Growth and production of gladiolus floral stems under different soil water tensions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joelma Rezende Durão Pereira

    2009-08-01

    Full Text Available As plantas ornamentais, em geral, e o gladíolo, em particular, são bastante suscetíveis às variações do nível de água no solo. No presente estudo foram avaliados os efeitos de diferentes níveis de tensão de água no solo sobre o crescimento e produção do gladíolo, em experimento realizado em casa-de-vegetação em Lavras, Minas Gerais. Esses efeitos foram caracterizados nas fases de crescimento vegetativo, espigamento e floração, por análises das seguintes medidas de crescimento: altura da planta, tamanho da haste floral e número de flores. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema de faixas, avaliando-se quatro níveis de tensão de água no solo (15, 25, 40 e 60 kPa em cada uma das três fases fenológicas da cultura, totalizando doze tratamentos e seis repetições. Os resultados mostraram que a altura da planta, tamanho da haste floral e o número de flores foram significativamente reduzidos pelo aumento dos níveis de tensão de água no solo, sendo os efeitos mais intensos nas fases de crescimento e espigamento. Os melhores resultados em relação ao tamanho da planta, da haste floral e número de flores, foram obtidos mantendo-se a tensão de água no solo próxima à capacidade de campo.The ornamental plants in general, and specially the gladiolus, are susceptible to variations of the soil water level. The effects of different soil water tensions on growth and production of gladiolus were evaluated in an experiment carried out in a greenhouse located in Lavras, Minas Gerais State, Brazil. These effects were characterized during the stages of vegetative growth, pre-flowering and flowering by analyzing plant height, floral stem length and number of flowers. The experimental design was completely randomized in a strip outline of four levels of soil water tensions (15, 25, 40 and 60 kPa on each growth stage, totalizing twelve treatments and six replications. The results demonstrated that plant

  18. Matéria seca de plantas de cobertura, produção de cebola e atributos químicos do solo em sistema plantio direto agroecológico Dry matter of cover crops, onion yield and soil chemical attributes in agroecological no-tillage system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monique Souza

    2013-01-01

    Full Text Available O cultivo e a deposição de resíduos de plantas de cobertura em sistema plantio direto podem afetar os atributos químicos do solo e a produção de cebola. O trabalho objetivou avaliar a interferência do cultivo de plantas de cobertura sobre a produção de cebola e sobre os atributos químicos do solo em sistema plantio direto (SPD agroecológico. O experimento foi conduzido na EPAGRI, em Ituporanga (SC, em um Cambissolo Húmico, nas safras de 2010 e 2011. Em abril, foram implantados os tratamentos: testemunha com vegetação espontânea (T1; cevada (2010/aveia-preta (2011 (T2; centeio (T3; nabo-forrageiro (T4; centeio + nabo-forrageiro (T5; e cevada (2010/aveia-preta (2011 + nabo-forrageiro (T6. Aos 60, 80 e 95 dias após a semeadura (DAS das espécies de inverno, coletou-se a parte aérea das plantas e determinou-se a produção de matéria seca por hectare. Em julho, foram transplantadas mudas de cebola e, em novembro, avaliou-se a produção. Após o acamamento das plantas de cobertura de inverno e a colheita da cebola, foi coletado solo na camada de 0-10 cm e submetido à análise de atributos químicos. O cultivo e a deposição dos resíduos de matéria seca das espécies de plantas de cobertura em SPD contribuíram para o aumento e a manutenção da produção total de cebola ao longo dos anos. Os atributos químicos do solo, com exceção do K trocável, P disponível e valores de saturação da CTCpH7,0 por bases não foram afetados pelo cultivo de plantas de cobertura.The cultivation and deposition of waste from cover crops in no-tillage can affect soil chemical attributes and onion yield. The aim of this study was to evaluate the dry matter yield of plant species from winter cover crops, onion yield and chemical attributes of soil in agroecological no-tillage system. The experiment was carried out at EPAGRI Experimental Station in Ituporanga (SC under Humic Haplumbrept in the agricultural years of 2010 and 2011. The following

  19. Eficiência fotossintética de cultivares de cana-de-açúcar e de diferentes espécies de plantas daninhas após a aplicação do diuron Photosynthetic efficiency of sugarcane cultivars and weed species after diuron application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Girotto

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência fotossintética, através da taxa de transporte de elétrons, de seis espécies de plantas daninhas e três cultivares de cana-de-açúcar após aplicação do herbicida diuron em pós-emergência inicial. Os cultivares utilizados (PO8862, SP80-3280 e RB83-5486 foram cortados em gemas e plantados em vasos com capacidade de 12 litros. A semeadura das seis espécies de plantas daninhas - Brachiaria decumbens, Digitaria horizontalis, Panicum maximum, Ipomoea grandifolia, Ipomoea hederifolia e Merremia cissoides - foi realizada para obter 25 plantas por vaso. A aplicação do herbicida diuron em pós-emergência inicial das plantas daninhas e dos cultivares de cana-de-açúcar foi realizada na dose de 3,0 kg ha-1, com adição de 0,2% de surfatante. As avaliações da taxa de transporte de elétrons no fotossistema (ETR das plantas após a aplicação foram realizadas com auxílio de um fluorômetro portátil. Para as espécies de plantas daninhas, a ETR foi avaliada após intervalos de 2, 4, 24, 48, 72, 96 e 144 horas após a aplicação. Quanto aos cultivares de cana-de-açúcar, os intervalos avaliados foram de 2, 24, 48, 72, 120, 168 e 240 horas após a aplicação. De maneira geral, as reduções dos valores da ETR indicaram o nível de sensibilidade dos diferentes cultivares de cana-de-açúcar e das diferentes plantas daninhas ao diuron, e a intoxicação foi detectada antes ou mesmo sem a presença dos sintomas. A classificação da sensibilidade dos cultivares de cana-de-açúcar foi em ordem decrescente: PO-8862, SP80-3280 e RB83-5486; para as plantas daninhas, as espécies mais sensíveis foram M. cissoides, I. grandifolia e I. hederifolia, seguidas das gramíneas D. horizontalis, P. maximum e B. decumbens.The aim of this study was to assess the photosynthetic efficiency through electron transport rate (ETR of six weed species and three sugarcane cultivars after application of the

  20. Desenvolvimento, partição de assimilados e produção de matéria seca de plantas de soja (Glycine max (L. merrill submetidas a quatro doses de metribuzin Development,assimilate partition and dry matter production in soybean (Glycine max (L. merrill plants treated with four doses of metribuzin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. J. Silva Neto

    1991-01-01

    Full Text Available O desenvolvimento, a partição e a produção de matéria seca, foram estudados em soja (Glycine Max (L. Merri ll, cv. 'Uberaba', cultivadas em condições de campo, sob quatro doses de metribuzin - (0,0; 0,35; 0,70 e 1,05 kg i.a. ha-1. O metri buzin não reduziu a população e nem alterou significativamente a razão parte aérea/sistema radicular. A altura média das plantas aumentou significativamente com o incremento das doses de metribuzin, sendo que as alturas máximas das plantas foram 761, 784, 815 e 812 mm, em ordem crescente de dose de metribuzin. As variações das taxas de acúmulo de matéria seca foram nitida mente seqüenciais em todos os tratamentos, ocorrendo mudanças do dreno metabólico preferencial de um órgão para outro, de acordo com as transformações morfológicas das plantas, ressaltando-se que o metribuzin não alterou esse comportamento. Os tratamentos não influencia ramo acumulo de matéria seca das vagens (Wv, no entanto, a partir do inicio da maturação, as plantas-controle apres entaram maiores Wv, provavelmente, devido a maior taxa assi milatória líquida verificada a partir da floração plena. A matéria seca acumulada nos pericarpos (Wp diminuiu, a partir das sementes completamente desenvolvid os, para todos os tratamentos com exceção de Wp das plantas tratadas com 0,7 kg i.a. ha-1 de metribuzin que, manteve-se estável. Por outro lado, a matéria seca nas sementes (Ws aumentou de forma acentuada, desde o seu aparecimento até a colheita final , em todas as doses do herbicida.Development, assimlate partition and dry matter production in soybean (Glycine Max (L. Merri ll, cv. Uberaba plants treat ed with four metri buzin doses (0,0; 0,35; 0,70 and 1,05 kg i.a.ha-1 were studied in a field experiment. Metribuzin did not reduce the stand or alter ed significantly shoot /root ratio. Plants height average incre ased as the doses of metribuzin increased; maximum heights were 761, 784, 815 and 812 mm, for

  1. Crescimento, parâmetros biofísicos e aspectos anatômicos de plantas jovens de seringueira inoculadas com fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum Growth, biophysical parameters and anatomical aspects of young rubber tree plants inoculated with arbuscular mycorrhizal fungi Glomus clarum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Fabian de Araújo Diniz

    2010-03-01

    Full Text Available Fungos micorrízicos são reconhecidamente benéficos quando em associação às plantas por favorecerem seu crescimento e desenvolvimento. Apesar de pouco comum para a seringueira, a inoculação artificial de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs tem se mostrado uma alternativa para a redução no uso de fertilizantes e pesticidas nas culturas, bem como para a formação de mudas, visando obtenção de porta-enxertos precoces e bem nutridos. O estudo objetivou avaliar o efeito da inoculação do FMA Glomus clarum no crescimento e características biofísicas e anatômicas de plantas jovens de seringueira. Os tratamentos consistiram de plantas inoculadas com o fungo Glomus clarum adubadas com 50 ppm de fósforo (mic+50P, plantas não inoculadas adubadas com 50 ppm de fósforo (s/mic+50P e plantas não inoculadas adubadas com 500 ppm de fósforo (s/mic+500P. Constatou-se que as plantas micorrizadas apresentaram altura e diâmetro dos caules, matéria seca da parte aérea, densidade estomática e área foliar, semelhantes às plantas s/mic+500P. Maior acúmulo de matéria seca de raiz, maior taxa de transpiração, menor resistência estomática e menor temperatura foliar foram observadas para as plantas micorrizadas. As análises anatômicas das raízes evidenciam a ocorrência de alterações no tecido vascular, com aumento no número de pólos de xilema das raízes das plantas micorrizadas.Mycorrhizal fungi are beneficial when associated with plants because they favor growth and develop. Although infrequent, artificial inoculation of arbuscular mycorrhizal fungi (AMF has become an alternative to reduce the use of fertilizers and pesticides in crops, as well as for the formation of seedlings, to obtain precocious and well fed rootstocks. The objective of the study was to evaluate the effect of inoculation of AMF Glomus clarum on growth and biophysical and anatomical characteristics of young rubber trees. The treatments consist of plants

  2. COMPOSICIÓN ELEMENTAL DE ALGUNAS ESPECIES DE PLANTAS SILVESTRES MEXICANAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. C. Raya Pérez

    2009-01-01

    Full Text Available El conocer la composición elemental de las plantas puede ser útil desde varios puntos de vista, como el saber sus necesidades nutricionales y tener una idea del tipo de mantillo que se podría formar en un momento dado. En el caso específico del silicio, las plantas que lo acumulan pueden formar fitolitos, muy útiles en paleoecología y arqueología. Se recolectaron especies de plantas de varias partes del centro-occidente de México y se determinó su composición elemental mediante sonda dispersiva de rayos X acoplada a un microscopio electrónico de barrido. Las plantas semiparásitas (plantas que fotosintetizan pero que toman sus nutrientes de la planta que parasitan acumulan cantidades considerables de iones como potasio y cloro para usarlos como osmolitos. Tillandsia recurvata, a pesar de ser epífita, acumula una buena cantidad de silicio, lo mismo que Cyperus sp., registrada como acumuladora de este elemento. Otras especies como Tagetes micrantha, de uso en la cocina mexicana, podrían contribuir en alguna medida al aporte de micronutrientes como potasio y magnesio.

  3. Intensidade de ataque de tripes, de alternaria e da queima-das-pontas em cultivares de cebola

    OpenAIRE

    Leite,Germano L.D.; Santos,Marília Cristina dos; Rocha,Silma L.; Costa,Cândido A. da; Almeida,Chrystian I. Maia e

    2004-01-01

    Avaliou-se a intensidade de ataque de Thrips tabaci Lind., a incidência de Alternaria porri (Ellis) e Botrytis squamosa J.C. Walker em nove cultivares de cebola [Aurora, Primavera, CNPH 6400, Crioula Alto-Vale, Vale-Ouro (IPA 11), Franciscana (IPA-16), Piraouro, Conquista e Serrana], num experimento no delineamento em blocos casualizados com cinco repetições. Foram feitas avaliações semanais, do transplantio até a colheita, em dez plantas/parcela do número de T. tabaci presente na bainha das ...

  4. Dinâmica de populações e fitossociologia de plantas daninhas no cultivo do feijão-caupi e mandioca no sistema corte e queima com o uso de arado Phytosociology of weeds in cowpea and cassava crops under the slash-and-burn with plow

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L.J.P Marques

    2011-01-01

    Full Text Available Este estudo investigou a composição florística das plantas daninhas em área queimada durante três anos agrícolas. A pesquisa foi conduzida no município de Zé Doca, Maranhão. O preparo da área no primeiro ano agrícola (2006/2007 foi realizado com corte e queima da vegetação para o cultivo de milho seguido do feijão-caupi. No segundo e no terceiro ano agrícola, o preparo da área consistiu de aração para o cultivo do milho seguido de mandioca (2007/2008 e depois para o feijão-caupi em sucessão à cultura de mandioca (2008/2009. A coleta das plantas daninhas ocorreu nas culturas de feijão-caupi e mandioca aos 30 e 60 dias após a semeadura (DAS, no primeiro e no segundo ano agrícola, respectivamente, e no feijão-caupi aos 30 DAS do terceiro ano agrícola, com retângulo (0,5 x 0,3 m lançado 10 vezes ao acaso na área cultivada. A cada lançamento, as plantas daninhas foram colhidas, para contagem, identificação, secagem e, assim, obter os índices fitossociológicos. O fogo reduziu a diversidade e o número das plantas daninhas. As espécies com maior valor de IVI foram Imperata brasiliensis, Sida glomerata e Corchorus argutus, após o fogo na cultura do feijãocaupi; e Juncus sp., Spermacoce verticillata, Aeschynomene americana e Cyperus sp., após preparo da área com aração nas culturas de mandioca e feijão-caupi. As plantas de capoeira ocorreram depois da queima, porém sua importância foi reduzida com o passar do tempo.This study investigated the floristic composition of weeds in a burnt area in Zé Doca, Maranhão, during three agricultural years. The preparation of the area at the first crop year (2006/ 2007 was by slash-and-burn for maize cultivation, followed by cowpea. In the second and third crop years, the preparation of the area consisted of plowing for maize cultivation, followed by cassava (2007/2008 and later, by cowpea in rotation with cassava (2008/2009. Weed collection in the cowpea and cassava crops

  5. Trabalho prático em instalação de distribuição por grosso de animais vivos na área de aquariofilia ornamental marinha

    OpenAIRE

    Silva, Ana Margarida Machado Pestana da

    2013-01-01

    Relatório de estágio para obtenção do Grau de Mestre em Aquacultura apresentada à ESTM - Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria. A aquariofilia é o gosto e/ou prática da manutenção de peixes, plantas e todos os outros organismos aquáticos em aquários ou em tanques naturais ou artificiais, com fins ornamentais ou científicos, combinando o senso estético com vários conhecimentos técnicos. O comércio em aquariofilia é constituído por uma cadeia co...

  6. Stem heat balance method to estimate transpiration of young orange and mango plants Balanço de calor caulinar para estimativa da transpiração de plantas jovens de laranja e manga

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas M. Vellame

    2010-01-01

    Full Text Available The present study had as its main objective the evaluation of the heat balance method in young orange and mango plants under protected environment. The work was carried out at Embrapa Cassava and Tropical Fruits, Cruz das Almas, BA. Later on, estimates of sap flow were conducted for two mango plants cultivated in pots of 15 and 50 L installed on weighting platforms of 45 and 140 kg; sap flow was determined in three orange plants, two of which were also installed on weighing platforms. The values of sap flow were compared to the transpiration measured by lysimeters at integrated intervals of 1, 2, 4 and 24 h. The heat balance method showed good precision for estimating daily transpiration (R² = 0.95 and R² = 0.90, accompaning the availability of energy in the system, underestimating on average 4.6% of the daily transpiration in orange plants and overestimating in about 0.3% the daily transpiration of mango plants under conditions of good water supply. The heat balance method underestimated by 16% the transpiration in orange under conditions of water deficit.Com o presente estudo se objetivou avaliar o método de balanço de calor em plantas jovens de laranja e manga em ambiente protegido. O trabalho foi conduzido na Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, BA. Realizaram-se estimativas de fluxo de seiva em duas plantas de manga plantadas em vasos de 15 e 50 L, instalados sobre plataformas de pesagem de 45 e 140 kg; posteriormente, o fluxo de seiva foi determinado em três plantas de laranja, duas também instaladas em lisímetros de pesagem. Os valores de fluxo de seiva obtidos foram comparados com a transpiração medida pelos lisímetros em intervalos de integração de 1, 2, 4 e 24 h. O método do balanço de calor mostrou-se preciso na estimativa da transpiração diária (R² = 0,95 e R² = 0,90, que acompanhou a disponibilidade de energia do sistema, subestimando em média, 4,6% a transpiração diária em plantas de laranja e

  7. Weed community and growth under the canopy of trees adapted to the brazilian semi-arid region Comunidade e crescimento de plantas daninhas sob a copa de árvores adaptadas ao semi-árido brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.S.L. Silva

    2010-01-01

    Full Text Available The objectives of this work were to evaluate the floristic composition and dry biomass of weeds under the canopy of seven perennial species adapted to the Semi-Arid region of Brazil, and correlate these characteristics with growth traits of the perennial species. The following perennial species were evaluated in two experiments (E1 and E2: mesquite (Prosopis juliflora, jucá (Caesalpinia ferrea, white popinac (Leucaena leucocephala, mofumbo (Combretum leprosum, neem (Azadirachata indica, sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia and tamarind (Tamarindus indica. In E1, the seven species were evaluated in a random block design with four replicates and nine plants per plot. In E2, evaluation comprised four species (mesquite, jucá, white popinac, and tamarind in a random block design with eight replicates and nine plants per plot. A circle with an area of 1.77 m² was established around the trunk of each plant, two years after they were transplanted to the permanent location. The weeds collected within this circle were cut even with the ground, classified and weighed. At this time, plant height, and crown and stem diameters were evaluated in all trees of each plot. In E1 there were no differences between tree species as to weed frequency under their canopies; however, weed growth was smaller under the canopy of sabiá trees. Mesquite and sabiá had the greatest plant height and crown diameter means, but only sabiá had the greatest stem diameter. In E2, the perennial species were not different with regard to weed frequency and growth under their canopies, but mesquite had the greatest growth, as measured by plant height (with significant results for jucá as well and crown and stem diameter.Os objetivos deste trabalho foram avaliar a composição florística e a biomassa de plantas daninhas sob a copa de sete espécies perenes adaptadas à região semi-árida do Brasil, e correlacionar essas características com características do crescimento das esp

  8. SELETIVIDADE DE INSETICIDAS SOBRE O COMPLEXO DE PREDADORES DAS PRAGAS DO ALGODOEIRO SELECTIVITY OF PESTICIDES OVER PREDATORS OF COTTON PLANT PESTS

    OpenAIRE

    Elmo Pontes de Melo; Thiago Ferreira Bertoncello; Rodrigo Fernandes Nogueira; Izidro dos Santos de Lima Júnior; Renato Suekane; Paulo Eduardo Degrande

    2010-01-01

    O algodoeiro é hospedeiro de um complexo de pragas, que podem ocasionar danos às estruturas das plantas. Para o desenvolvimento sustentado, neste agroecossistema, há necessidade da implementação do Manejo In...

  9. O efeito da infusão das flores de Hibiscus pernambucensis Arruda sobre ratas gestantes e lactantes expostas ao campo eletromagnético de ultra-alta-frequência

    OpenAIRE

    Juliana Becker Borba

    2010-01-01

    O Hibiscus pernambucensis Arruda (HpA) é uma planta da família Malvaceae, típica de clima tropical de ecossistemas de mangues. A infusão das flores do HpA apresenta propriedades antioxidantes, decorrentes da vitamina E, flavonóides, quercetina e taninos. Há estudos mostrando que os campos eletromagnéticos de ultra-alta-freqüência (CEMUAF) podem provocar danos à saúde. Estes danos acontecem por indução de estresse oxidativo às células. O presente estudo visa verificar o efeito antioxidante das...

  10. Características agronômicas da mamoneira afetadas pelo método de condução de plantas e densidade de semeadura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Luiz Fioreze

    Full Text Available RESUMO A cultura da mamona possui grande potencial para o cultivo em condições brasileiras, contudo, deve-se buscar métodos cada vez mais eficientes de manejo da cultura, a fim de atingir altas produtividades e introduzir de modo definitivo a cultura no sistema agrícola nacional. O objetivo do presente estudo foi avaliar as características agronômicas e a produtividade da mamoneira em função do método de condução de plantas e da densidade de cultivo. O estudo foi conduzido em condições de campo no ano agrícola de 2010, utilizando a cultivar IAC 2028, em delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 2x3 com quatro repetições. O primeiro fator foi composto por duas densidades de semeadura (26666 e 111111 plantas ha-1, enquanto o segundo fator foi composto por três métodos de condução de plantas (testemunha, poda parcial e poda+desbrota. Ao final do desenvolvimento da cultura, foram determinadas as características agronômicas das plantas, os componentes da produção e a produtividade. A poda + desbrota proporcionou melhoria dos caracteres agronômicos, sem afetar a produtividade e reduziu o ciclo da cultura em até 30 dias. Este comportamento, aliado à maturação uniforme, pode proporcionar a colheita mecanizada da cultura, além de proporcionar o cultivo da mamoneira em janelas de cultivo na safrinha, sem prejudicar a implantação da safra seguinte. O cultivo adensado de plantas de mamona limitou a emissão de ramos produtivos secundários sem afetar a produtividade, revelando elevada plasticidade fenotípica no desenvolvimento da cultura.

  11. Levantamento fitossociológico de plantas daninhas na cultura do girassol Phytosociological survey of weeds in sunflower crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.S Adegas

    2010-12-01

    Full Text Available O levantamento fitossociológico da comunidade de plantas daninhas na cultura do girassol foi realizado em duas épocas distintas: no desenvolvimento inicial da cultura (entre 20 e 40 dias após a semeadura e na pré-colheita do girassol. As espécies de plantas daninhas foram identificadas e quantificadas pelo método do quadrado inventário (1,0 x 1,0 m, com amostragem de 12 m² por área. Os levantamentos foram realizados em 54 propriedades de seis municípios da região do cerrado e em 38 propriedades de oito municípios da região dos pampas, que são as duas principais regiões produtoras brasileiras. Foram registrados a frequência, a frequência relativa, a densidade, a densidade relativa, a abundância, a abundância relativa, o índice de importância relativa e o índice de similaridade. No total, foram identificadas 60 espécies de plantas daninhas, sendo 17 presentes em ambas as regiões. Asteraceae e Poaceae foram as duas principais famílias, entre as 16 encontradas. As principais espécies presentes no cerrado foram Euphorbia heterophylla, Chamaesyce hirta, Ageratum conyzoides, Commelina benghalensis, Zea mays e Bidens sp. As principais espécies presentes no Rio Grande do Sul foram Bidens sp., Raphanus raphanistrum, Lolium multiflorum, Gnaphalium spicatum, Sonchus oleraceus, Euphorbia heterophylla, Sida rhombifolia, Digitaria sp. e Ipomea sp. A densidade das plantas daninhas foi maior na fase de pré-colheita do que no desenvolvimento inicial da cultura, em ambas as regiões, sendo de 30,84 plantas m-2 e 23,58 plantas m-2, respectivamente, para o cerrado, e de 23,19 plantas m-2e 21,41 plantas m-2, para o Rio Grande do Sul. O índice de similaridade dentro das regiões foi de 0,91 para os levantamentos do cerrado e de 0,79 para os do Rio Grande do Sul. Entretanto, entre as regiões, os índices ficaram abaixo de 0,5, mostrando similaridade mediana entre a flora daninha do cerrado e a do Rio Grande do Sul, na cultura do girassol

  12. Auto-incompatibilidade em plantas Self-incompatibility in plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Schifino-Wittmann

    2002-12-01

    Full Text Available A auto-incompatibilidade (AI é a incapacidade de uma planta fértil formar sementes quando fertilizada por seu próprio pólen. É um mecanismo fisiólogico, com base genética, que promove a alogamia, e tem despertado a atenção de geneticistas e melhoristas de plantas. Atualmente, a ênfase nas pesquisas está na identificação e entendimento dos processos moleculares e celulares que levam ao reconhecimento e à rejeição do pólen auto-incompatível, incluindo a identificação, localização e seqüenciamento das proteínas, enzimas e genes envolvidos. Existem dois tipos principais de AI, a gametofítica (AIG, em que a especificidade do pólén é gerada pelo alelo S do genoma haplóide do grão do pólen (gametófito, e a esporofítica (AIE, em que a especificidade é gerada pelo genótipo diplóide da planta adulta (esporófito que deu origem ao grão de pólen. A AIE pode ser homomórfica, quando não existem modificações florais que acompanham o processo, ou heteromórfica, quando, com o processo de AI, ocorrem modificações florais. A reação da AI engloba desde o impedimento da germinação do pólen até o rompimento do tubo polínico. A ocorrência de AI em espécies de interesse econômico pode ter uma importância muito grande, sendo muito positiva em alguns casos e um empecilho em outros, dependendo da parte da planta (vegetativa ou reprodutiva que é colhida e do tipo de reprodução, sexual ou vegetativa. A utilização da AI no melhoramento de plantas é feita há bastante tempo, mas existe uma lacuna entre o grau de detalhamento do conhecimento teórico, como as bases genética e molecular, e a aplicação deste conhecimento no melhoramento.Self-incompatibility (SI is the failure of a fertile plant to set seeds when fertilized with its own pollen. It is a physiological mechanism, with a genetic basis, which promotes allogamy and has drawn geneticists and plant breeders’ attention. Nowadays, the research has put

  13. In vitro growth of Brassocattleya orchid hybrid in different concentrations of KNO3, NH4NO3 and benzylaminopurine Cultivo in vitro de Brassocattleya (Orchidaceae em diferentes concentrações de KNO3, NH4NO3 e benzilaminopurina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean C Cardoso

    2011-09-01

    Full Text Available One of the most important applications of plant tissue culture is mass propagation of ornamental plants. This experiment evaluated the effect of different concentrations of NH4NO3 and KNO3 and BAP on the in vitro growth of orchid hybrid Brassocattleya 'Pastoral'. Seedlings of this orchid hybrid were used as explants and cultivated in medium with mineral salts and vitamins from the MS medium (Murashige & Skoog, 1962, with the macronutrients P, Ca and Mg reduced by half, and with an addition of 25 g L-1 of sucrose, 0.1 g L-1 of myo-inositol and 1.5 g L-1 of activated charcoal. Agar-agar was added (6.5 g L-1 and the pH was adjusted to 5.8. As treatments, four concentrations of the NH4NO3 and KNO3 (2x; 1x; ½ and ¼ MS medium and three concentrations of BAP (0.0; 0.5 and 1.0 mg L-1 were assayed. The multiplication, growth in height, fresh and dry weight and sugar level in dry weight of sprouts were evaluated. There occurred a higher growth in height with 0.25x NH4NO3 and KNO3 salts concentrations of MS medium and higher rate of multiplication with combination of NH4NO3 and KNO3 reduced by half of the MS medium concentration and 1.0 mg L-1 BAP.Entre as maiores aplicações da cultura de tecidos de plantas está a propagação massal de mudas de plantas ornamentais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o cultivo in vitro de um híbrido de orquídea Brassocattleya em diferentes concentrações de NH4NO3, KNO3 e BAP. Foram utilizadas sementes do híbrido de orquídea Brassocattleya 'Pastoral' e as plantas foram cultivadas em meio MS com redução pela metade das fontes de P, Mg e Ca e adição de 25 g L-1 de sacarose, 100 mg L-1 de mio-inositol, 1,5 g L-1 de carvão ativo e 6,5 g L-1 de ágar-ágar, sendo o pH ajustado para 5,8. Como tratamentos foram usados quatro concentrações dos sais NH4NO3 e KNO3 (2x; 1x; ½ e ¼ do meio MS e três concentrações de BAP (0,0; 0,5 e 1,0 mg L-1. Avaliou-se a multiplicação, o crescimento em altura, massa fresca

  14. Weed interference in sweet pepper in no-tillage and conventional planting systems = Períodos de interferência de plantas daninhas na cultura do pimentão nos sistemas de plantio direto e convencional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz Xavier Lins Cunha

    2015-06-01

    Full Text Available The subject of this work is evaluate the periods of weeds interference on yield of sweet pepper (Capsicum annum L., cultivated in no-tillage and conventional systems. Therefore, an experiment was conducted in randomized blocks of a distributed split plots with four replications design. The no-tillage and conventional systems were evaluated in plots and subplots, during the seven periods of control and coexistence among sweet peppers and weeds: 0; 0–14; 0–28; 0–49; 0–70; 0–91 and 0–112 days after transplanting (DAT. Before weeding and harvest time, they were evaluated species, density and dry mass of weeds. In the sweet peppers crops, diameter, length, number, average fruit weight and yield were evaluated. It was observed less weeds in no-tillage than conventional system. Without competitors, these weet peppers productivity was 69.57% less in conventional than no-tillage system. The critical period of weeds interference was from 19 to 95 DAT in no-tillage system and from 11 to 100 DAT in convention tillage = Objetivou-se com este trabalho avaliar os períodos de interferências das plantas daninhas no pimentão (Capsicum annum L., cultivado nos sistemas de plantio direto (SPD e convencional (SPC. Para isso, foi realizado um experimento em esquema de parcelas subdivididas, distribuídas no delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. O SPD e o SPC foram avaliados nas parcelas, e nas subparcelas, os sete períodos de controle e convivência entre as plantas daninhas e o pimentão: 0; 0–14; 0–28; 0–49; 0–70; 0–91 e 0–112 dias após transplantio (DAT. Antes de cada capina e na ocasião da colheita, foram avaliadas as espécies, a densidade e a matéria seca das plantas daninhas. Na cultura do pimentão foram avaliados diâmetro, comprimento, número, peso médio dos frutos e produtividade. Verificou-se menor incidência de plantas daninhas no SPD em relação ao SPC. Quando mantida livre da competição com as

  15. Medicinal plants used by Itamaraty community nearby Anápolis, Goiás State, Brazil = Plantas medicinais usadas pela comunidade do bairro Itamaraty em Anápolis, Estado de Goiás, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tales Alexandre Aversi-Ferreira

    2010-07-01

    Full Text Available The use of plants for therapeutic purposes has been reported from ancient in Iran, India and China, especially. Recently, the use of in-natura plants as herbal medicines has grown in a systematic and increasing way, especially when combined with conventional therapy.In Brazil, the knowledge on the use of medicinal plants has been and is primarily derived from the indigenous, with African and European influences, and several studies have been done in order to verify which plants have been used for medicinal purposes by the Brazilian population in several communities from the “cerrado” region. This work performed a survey with the population of Itamaraty nearby Anápolis, Goiás State, Brazil with ethnobotanical focus in order to recover and preserve the ethnobotanical knowledge of this region. In general terms, the use of medicinal plants in this neighborhood follows the cultural aspects reported by other authors on the need for use of alternative therapies for poor communities, beyond the general and common use of leaves and infusions as the main form of preparation, since Asteraceae and Lamiaceae families are the most cited to use as medicinal plants.O uso de plantas para fins terapêuticos tem sido relatado desde a antiguidade, principalmente no Irã, Índia e China. Recentemente, o uso “in-natura” das plantas para fins medicinais foi retomado de modo sistemático e crescente, especialmente quando combinado com a terapia convencional. No Brasil, o conhecimento sobre o uso de plantas medicinais foi e é derivado principalmente das influências indígenas, primeiramente, mas também de negros e europeus, e diversos estudos têm sido feito no sentido de verificar quais as plantas utilizadas para fins medicinais pela população brasileira em várias comunidades do cerrado. Neste trabalho foi feita uma pesquisa com a população do bairro Itamaraty, em Anápolis, Estado de Goiás, Brasil, com enfoque etnobotânico, a fim de recuperar e

  16. Plantas autotetraplóides de citros sob tratamento in vitro com colchicina Citrus autotetraploid plants obtained by in vitro treatment with colchicine

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Rocha Latado

    2007-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi obter plantas autotetraplóides de tangerina 'Ponkan', laranja 'Pêra-de-abril' e tangor 'Murcott', que serão usadas em cruzamentos com cultivares diplóides, visando à obtenção de indivíduos triplóides sem sementes. Utilizou-se o método de cultivo in vitro de segmentos de epicótilo em meio com colchicina (0,025, 0,05 e 0,1%, por diversos períodos (1, 2, 3, 7 e 14 dias, com subseqüente regeneração de brotações em meio sem a presença do alcalóide. As brotações foram microenxertadas in vitro e aclimatizadas em estufas. A determinação do nível de ploidia das plantas foi realizada por citometria de fluxo. A colchicina demonstrou ser tóxica aos explantes das três variedades, ocasionando redução significativa no número médio de brotações adventícias e aumento na porcentagem de explantes não-responsivos, em comparação com o controle. Entre as quatro plantas de laranja e uma de tangor obtidas, duas plantas de laranja e a de tangor, demonstraram ser autotetraplóides, apresentando folhas com maior espessura, arredondadas e coloração verde intensa. O método utilizado na duplicação cromossômica, com uso de colchicina, é eficiente em produzir plantas autotetraplóides de citros.The objective of this work was to obtain autotetraploid plants of 'Murcott' tangor, 'Ponkan' mandarin and 'Pêra-de-abril' sweet orange to be used in crosses with diploid cultivars, aiming to produce triploid seedless hybrids. The methodology used was the in vitro culture of epicotyl segments in media containing different concentrations of colchicine (0.025, 0.05 and 0.1%, for several periods of time (1, 2, 3, 7 and 14 days, followed by the regeneration of adventitious shoots in culture media without the alkaloid. All shoots obtained were micro-grafted, acclimatized and transferred to a greenhouse. The evaluation of the ploidy level of the plants was performed by flow citometry technique. Colchicine was toxic to

  17. Avaliação da atividade antimicrobiana e antioxidante das espécies Plectranthus amboinicus (Lour. e Mentha x villosa (Huds.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Correia Freitas

    2014-01-01

    Full Text Available O uso de plantas medicinais com potencial terapêutico tem motivado a realização de estudos através de ensaios experimentais que visam fornecer informações úteis e de extrema importância. Assim o presente trabalho objetivou avaliar a atividade antimicrobiana e antioxidante das espécies de Coleus amboinicus (Lour. e Mentha x villosa (Huds. A atividade antimicrobiana foi avaliada pelo método de difusão em disco, cepas bacterianas padronizadas Gram negativas Escherichia coli (ATCC 25922 e ATCC 35218, cepas Gram positivas Staphylococcus aureus (ATCC 25923 e S. aureus ATCC 27853, assim como fungos padrões de Cryptococcus neoformans (pertencentes à coleção de microrganismos do CESMAC. Como controle positivo foi usado o imipenem e fluconazol e como controle negativo um disco com etanol absoluto. A determinação do potencial antioxidante foi realizada utilizando os métodos DPPH, FTC e determinação de compostos fenólicos. Os extratos etanólicos de C. amboinicus e M. x villosa apresentaram excelentes resultados tanto relacionado à atividade antimicrobiana quanto à antioxidante. Nossos resultados mostram a potencialidade das plantas analisadas na prevenção e no combate de doenças.

  18. Quantification of leaf greenness and leaf spectral profile in plant diagnosis using an optical scanner Quantificação do nível de verde e padrão espectral foliar no diagnóstico de plantas através de um scanner ótico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ryoichi Doi

    2012-06-01

    Full Text Available Observation of leaf spectral profile (color enables suitable management measures to be taken for crop production. An optical scanner was used: 1 to obtain an equation to determine the greenness of plant leaves and 2 to examine the power to discriminate among plants grown under different nutritional conditions. Sweet basil seedlings grown on vermiculite were supplemented with one-fifth-strength Hoagland solutions containing 0, 0.2, 1, 5, 20, and 50 mM NH4+. The 5 mM treatment resulted in the greatest leaf and shoot weights, indicating a quadratic growth response pattern to the NH4+ gradient. An equation involving b*, black and green to describe the greenness of leaves was provided by the spectral profiling of a color scale for rice leaves as the standard. The color scale values for the basil leaves subjected to 0.2 and 1 mM NH4+ treatments were 1.00 and 1.12, respectively. The other treatments resulted in significantly greater values of 2.25 to 2.42, again indicating a quadratic response pattern. Based on the spectral data set consisting of variables of red-green-blue and other color models and color scale values, in discriminant analysis, 81% of the plants were correctly classified into the six NH4+ treatment groups. Combining the spectral data set with the growth data set consisting of leaf and shoot weights, 92% of the plant samples were correctly classified whereas, using the growth data set, only 53% of plants were correctly classified. Therefore, the optical scanning of leaves and the use of spectral profiles helped plant diagnosis when biomass measurements were not effective.A observação do perfil espectral da folha (cor permite medidas de gestão adequadas a serem consideradas na produção. Um scanner óptico foi usado para: 1 obter uma equação para determinar o verde das folhas e 2 examinar o poder de discriminar entre as plantas cultivadas sob diferentes condições nutricionais. Mudas de manjericão cultivadas em vermiculita foram

  19. Geologia Eclesiástica no triângulo histórico paulistano: a diversidade geológica na divulgação das Geociências

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Ferreira Ramos Machado

    2016-02-01

    Full Text Available A Geologia Eclesiástica tem se desenvolvido por todo o mundo ajudando a preservar o Patrimônio Histórico e Cultural e a divulgar as geociências. Compõe o Geoturismo Urbano e tem ganhado espaço junto à atividade turística. São Paulo, entre as maiores megalópoles mundiais, não tem ficado para trás: rica em história tem muito a contribuir com esse segmento. O presente trabalho aborda o Triângulo Histórico da capital paulista, que em seus vértices conta com três igrejas (A Basílica Nossa Senhora da Assunção, pertencente ao Mosteiro de São Bento, a igreja de São Francisco e a igreja da Ordem Terceira do Carmo, além da Catedral Metropolitana e da igreja do Pateo do Collegio – sítio onde nascera a cidade há 461 anos. A descrição das rochas ornamentais presentes nas igrejas contribui com o direcionamento dos olhares científicos para este segmento que tem se feito crescer em todo o mundo.

  20. Uso e conhecimento tradicional de plantas medicinais no Sertão do Ribeirão, Florianópolis, SC, Brasil Use and traditional knowledge of medicinal plants at Sertão do Ribeirão, Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Giraldi

    2010-06-01

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi realizar um estudo etnobotânico sobre o uso e o conhecimento tradicional de plantas medicinais no Sertão do Ribeirão, uma comunidade de origem açoriana, inserida no domínio da Mata Atlântica e localizada dentro dos limites do Parque Municipal da Lagoa do Peri. Foram realizadas 13 entrevistas com moradores do Sertão do Ribeirão, sendo identificadas 114 espécies de plantas medicinais, distribuídas em 48 famílias botânicas. A diversidade de plantas medicinais conhecida no Sertão do Ribeirão é bastante elevada e a obtenção das plantas na própria comunidade sugere uma forte correlação entre uso e conhecimento tradicional de plantas medicinais e a possibilidade de obtê-las no local. O conhecimento etnobotânico sobre plantas medicinais não difere entre homens e mulheres e o uso de medicamentos industrializados e de plantas medicinais indica uma complementaridade entre a medicina moderna e a medicina popular. A transmissão do conhecimento feita na própria comunidade, com pais/avós e vizinhos, demonstra uma rica herança cultural local sobre plantas medicinais.The aim of this research was to do an ethnobotanical study on the use and traditional knowledge of medicinal plants at Sertão do Ribeirão, an Azorean community, inserted in the Atlantic Forest domain and located within the boundaries of Lagoa do Peri Municipal Park. A total of 13 interviews were made with residents of Sertão do Ribeirão, identifying 114 species of medicinal plants, distributed in 48 botanical families. The diversity of medicinal plants known at Sertão do Ribeirão is quite high and the collection of plants by the community suggests a strong correlation between use and traditional knowledge of medicinal plants and the possibility of local gathering. Ethnobotanical knowledge of medicinal plants does not differ between women and men and the use of industrialized medicine and medicinal plants indicates a complementarity

  1. Planta de producció de paracetamol

    OpenAIRE

    Analgedol (Grup de recerca); Lafuente Sancho, Francisco Javier; Universitat Autònoma de Barcelona. Escola d'Enginyeria

    2009-01-01

    L'objectiu d'aquest projecte es basa en el disseny d'una planta química en la qual es durà a terme la producció del paracetamol a partir de la nitració del fenol. Per a realitzar aquest projecte s'haurà de tenir en compte que la planta compleixi les normatives i legislacions vigents. Aquest projecte inclou els càlculs realitzats per a obtenir el disseny dels equips necessaris per a dur a terme el procés, els diagrames corresponents al procés com ara plànols d'enginyeria, implantació, etc., la...

  2. Ocorrências de bactérias solubilizadoras de fosfato de cálcio nas raízes de plantas na Amazônia brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. B. Barroso

    2001-09-01

    Full Text Available O uso de bactérias solubilizadoras de fosfato pode ser uma alternativa de baixo custo em sistemas agroflorestais na Amazônia, onde os preços e o transporte, aliados à baixa capacidade de aquisição dos produtores, dificultam o uso de adubos solúveis. Em solos sem histórico de cultivo, os fosfatos estão ligados principalmente ao Al, enquanto nos previamente cultivados e corrigidos com calagem, esses fosfatos podem estar ligados ao Ca, limitando seus usos pelas plantas. Existem poucas informações sobre bactérias solubilizadoras de fosfato (BSF na Amazônia, sendo necessário intensificar os estudos nesse sentido. O primeiro passo dessas pesquisas é um estudo sobre a ecologia dessas bactérias, identificando o local e a freqüência de ocorrência. Para isso, foram coletadas amostras de raízes de plantas nos estados do Acre, Amazonas e Rondônia, as quais foram colocadas em placas de Petri com um meio específico capaz de identificar suas presenças. Foram utilizados 28 espécies de plantas de diversas famílias e dois tipos de vegetação múltipla (pastagem e capoeira. Os índices de presença dessas bactérias foram muito baixos (0-10%, evidenciando que, nessas condições, essas bactérias não contribuem efetivamente para melhorar a nutrição das plantas com fósforo.

  3. Espectro de gotas de pulverização e controle da ferrugem-asiática-da-soja em cultivares com diferentes arquiteturas de planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Paula Debortoli

    2012-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o espectro de gotas de pulverização ideal para o controle da ferrugem-asiática-da-soja (Phakopsora pachyrhizi, em cultivares com diferentes arquiteturas de planta. O experimento foi conduzido na safra de 2009/2010. A aplicação de fungicida (piraclostrobina + epoxiconazol, com óleo mineral foi avaliada com quatro espectros de gotas de pulverização - muito fino, <119 μm; fino, 119 a 216 μm; médio, 217 a 352 μm; e grosso, 353 a 464 μm -, em quatro cultivares de soja (BMX Apollo RR, NA 7636 RR, Fcep 53 RR e TMG 4001 RR contrastantes quanto a índice de área foliar, estatura de plantas e número de ramos por planta. Foram quantificadas as variáveis: número de gotas por cm², diâmetro mediano volumétrico das gotas, área abaixo da curva de progresso da ferrugem-asiática e produtividade da soja. A definição do espectro de gotas a ser utilizado deve considerar a cultivar e as condições ambientais em que a pulverização será realizada. A magnitude da proteção exercida pelo fungicida varia de acordo com a cobertura de plantas e a penetração de gotas no dossel, proporcionada pelos diferentes espectros de gota. O espectro de gotas fino proporciona boa deposição de gotas, controle da doença e produtividade, independentemente da cultivar avaliada.

  4. Um olhar sobre as benzedeiras de Juruena (Mato Grosso, Brasil e as plantas usadas para benzer e curar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Regina Antunes Maciel

    Full Text Available O 'benzimento' é forma antiga no tratamento de várias doenças, utilizada na Europa desde a Idade Média. No Brasil, os benzedores surgiram a partir do século XVII. Interpretações dos conhecimentos, uso tradicional dos recursos vegetais e manejo realizado por benzedores, raizeiros e parteiras são fonte de pesquisa nos estudos etnobotânicos. Benzedores indicam plantas para efeito de cura ou como amuletos protetores, com a presença destas formas de uso da flora na cultura popular. Este estudo foi realizado em Juruena, Mato Grosso, com aplicação de técnicas de observação participante, entrevistas semi-estruturadas (questões abertas/fechadas gravadas e amostras intencionais e a realizção de coleta de material botânico, depositado no Herbário da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT. Teve o objetivo de compreender a importância das benzedeiras, identificar etnobotanicamente as plantas utilizadas, formas de prescrição e manipulação. Foram entrevistadas quatro benzedeiras no período de setembro de 2002 a novembro de 2003, as quais demonstraram um conhecimento etnobotânico expressivo. Estas benzem, preparam e receitam chás, garrafadas, banhos e ungüentos. As enfermidades tratadas foram agrupadas em duas categorias: doenças físicas (dorde-dente, dor-de-barriga, verminoses, cobreiro, arca-caída, rendidura, erisipela etc e doenças espirituais (quebranto, mau-olhado, pessoas carregadas, encosto. Foram relatadas 87 etnoespécies, distribuídas em 31 famílias botânicas, dentre as quais se salientam erva-de-Santa-Maria (Chenopodium ambrosioides L., chapéu-de-couro (Echinodorus macrophyllus MIq., quina-do-mato (Strychnos sp St.Hil., ipê-roxo (Tabebuia heptaphylla (Vell. Toledo, arruda (Ruta graveolens L., guiné (Petiveria alliacea L. e comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia picta L. A medicina popular praticada pelas benzedeiras vem ao encontro dos anseios das pessoas que buscam alívio para seus males, com valores e heran

  5. Omissão de nutrientes em plantas de pinhão-manso cultivadas em solução nutritiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janini Tatiane Lima Souza Maia

    2014-10-01

    Full Text Available O pinhão-manso (Jatropha curcas L., pertecente à família Euphorbiaceae, é uma planta oleaginosa que tem recebido expressiva atenção para produção de biocombustível. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da deficiência de macro e micronutrientes no crescimento e estado nutricional de pinhão-manso, cultivado em solução nutritiva. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com treze tratamentos e três repetições. Os tratamentos constituíram-se de solução completa e omissão individual de cada um dos seguintes nutrientes: N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Mn, Mo, Zn ou Fe. A ordem decrescente de restrição da produção de massa de matéria seca foi N>Mg>S>K>Ca=P>Zn>B=Fe. As omissões de N e de P foram as que mais afetaram os teores dos macronutrientes da parte aérea das plantas e os sintomas de deficiências observados foram clorose, redução do crescimento e folhas deformadas.

  6. Uso de plantas medicinais por pessoas com hipertensão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Gabrielle Santos Nunes

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivo: describir el uso de plantas medicinales en el tratamiento de la hipertensión arterial por personas con hipertensión inscritas en el Programa de Salud Familiar en una ciudad del interior de Pernambuco. Métodos: estudio descriptivo, cuyos datos se obtuvieron a través de guía de entrevistas semiestructuradas aplicada a 172 pacientes. Resultados: el uso de plantas medicinales para el control de la hipertensión fue informado por 39,5%, de los cuales 57,4% utiliza sólo una planta medicinal. Entre las especies citadas predominó el uso de chayote [Sechium edule (Jacq. Sw.-34.8%]. Conclusión: plantas medicinales constituyen terapia coadyuvante en el tratamiento de hipertensión, sin embargo requiere monitoreo del manejo y de las especies seleccionadas.

  7. The effects of soil fumigation on the growth and mineral nutrition of weeds and crops=Efeito da fumigação do solo no crescimento e nutrição mineral de plantas daninhas e culturas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marliane de Cássia Soares da Silva

    2012-04-01

    metila. Avaliações referentes à altura, área foliar, número de folhas, matéria seca da parte aérea e das raízes e teor relativo dos nutrientes, foram realizados aos 50 dias após emergência das plântulas. Observou-se efeito positivo da fumigação do substrato no crescimento, número de folhas, área foliar, altura de plantas e acúmulo de nutrientes nas plantas daninhas gramíneas em relação às dicotiledôneas. Conyza bonariensis foi a mais afetada pela fumigação do solo, apresentando índices de matéria seca, número de folhas, área foliar, altura e acúmulo de nutrientes em torno de 50% menores em relação às plantas crescidas em solo normal. A fumigação influenciou também o ciclo vegetativo das plantas, sendo este menor para as espécies B. pilosa, E. indica e C. echinatus. Observou-se, ainda, acúmulo de fósforo 20 e 30% menor em plantas de Bidens pilosa e Conyza bonariensis, respectivamente, quando cultivadas em solo esterilizado. As culturas de feijão e milho foram menos afetadas pela fumigação do solo em comparação às plantas daninhas.

  8. Shoot tip culture and thermotherapy for recovering virus-free plants of garlic Cultura de ápices caulinares e termoterapia na recuperação de plantas livres de vírus de alho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos Torres

    2000-11-01

    Full Text Available Garlic shoot tip culture associated with dry heat thermotherapy (cloves exposed to 37°C for 35 days were essential for recovering virus free plants of the cv Amarante. In this condition 70% of the explants developed in vitro and produced plants. A total of 77% of those plants was virus free when indexed by ISEM, which resulted in a final index of 54% of virus free plants from treated cloves. The percentage of regeneration decreased to 20% as the temperature increased up to 40°C. However 90% of those plants were virus free, leading to a final index of 18% virus free plants out of treated cloves.A cultura de ápices caulinares de alho, associada à termoterapia a seco (exposição dos bulbilhos a temperatura de 37°C, por um período de 35 dias foi essencial para recuperação de plantas livres de vírus das cultivar de alho Amarante. Nestas condições, 70% dos explantes inoculados se desenvolveram in vitro e produziram plantas, das quais 77% não apresentaram partículas virais quando indexadas por ISEM. Isto resulta em um índice de aproveitamento de 54% dos bulbilhos submetidos à termoterapia. O aumento da temperatura na termoterapia para 40°C reduziu a regeneração in vitro para 20%, e 90% dessas plantas estavam livres de vírus, com um índice final de aproveitamento de 18%.

  9. Dinâmica do banco de sementes de plantas daninhas sob diferentes sistemas de manejo de solo Weed seedbank dynamics under different soil management systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Voll

    2001-08-01

    Full Text Available Um experimento foi conduzido em campo no período de 1982 a 1998, em Londrina-PR, com o objetivo de avaliar o efeito de diferentes sistemas de manejo de solo nas reduções anuais de um banco de sementes de plantas daninhas e seus períodos de sobrevivência, sendo as plantas daninhas manejadas através de herbicidas, e a seqüência anual de cultivo soja após trigo. Os tratamentos de manejo de solos foram: 1 semeadura direta; 2 arado de discos e grade niveladora; 3 grade aradora e grade niveladora; 4 escarificação e grade niveladora. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. A identificação e contagem das sementes presentes no solo foram feitas em 1990, 1995 e 1998. As estimativas de sobrevivência (a 1% da população inicial das gramíneas capim-marmelada (Brachiaria plantaginea e capim-colchão (Digitaria horizontalis , nos quatro sistemas de manejo, foram de 5 a 10 anos e 5 a 7 anos, respectivamente; as das espécies de folhas largas, como caruru (Amaranthus spp., de 5 a 9 anos, carrapicho-de-carneiro (Acanthospermum hispidum , de 7 a 9 anos, de 10 a 20 anos, e picão-preto (Bidens pilosa, de 3 a 4 anos, e a comelinácea trapoeraba (Commelina benghalensis de 10 a 20 anos. As sementes de espécies de plantas daninhas apresentaram características distintas de sobrevivência, em função do manejo do solo, do controle ao longo dos anos e das características morfológicas e fisiológicas das sementes.A field experiment was conducted from 1982 to 1998, in Londrina-PR, Brazil, to evaluate the effects of different soil management systems on the survival of a weed seedbank, with the weeds managed by herbicides, and the annual sequence of crops consisting of soybean - wheat. The soil management treatments were: 1 no-till; 2 mouldboard; 3 heavy disc, and 4 chisel. The experimental design was a randomized complete block, with four replications. Seed identification and counting were performed in 1990, 1995

  10. Manejo de plantas daninhas em beterraba com metamitron e sua persistência em Argissolo Weed control in table beet with metamitron and its persistence in Ultisol-Kandiucults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robert Deuber

    2004-01-01

    Full Text Available O experimento foi realizado no Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio de Frutas (IAC, localizado no município de Jundiaí (SP, em condições usuais de cultivo da beterraba (Beta vulgaris L. cultivar Tall Top Wonder, em Argissolo Vermelho-Amarelo, distrófico. Os objetivos do experimento foram avaliar a eficácia de metamitron, aplicado em pré-emergência, no controle de plantas daninhas; verificar sua seletividade à cultura, e determinar seu período residual. O experimento foi disposto em blocos ao acaso, com quatro repetições; as parcelas foram divididas em duas partes, sendo uma para a beterraba e outra para o estudo do efeito residual. Foram avaliados os efeitos de doses de metamitron (2,8, 3,5 e 4,2 kg.ha-1 de i.a, mantendo-se duas testemunhas: uma sempre capinada e outra mantida com plantas daninhas até o fim do ciclo. As avaliações do controle das plantas daninhas e da seletividade à cultura foram realizadas aos 28 e 70 dias após a aplicação (DAA do herbicida. A persistência foi avaliada aos 0, 21, 40 e 70 DAA, em biotestes, com alface (Lactuca sativa L. cultivar Elisa Crespa como planta-teste. As principais plantas daninhas na área experimental foram: Eleusine indica (L. Gaertn. (capim-pé-de-galinha, Galinsoga parviflora Cav (picão-branco e Coronopus didymus (L. Sm. (mentruz. As doses de metamitron aplicadas não causaram sintomas visíveis de intoxicação à parte aérea das plantas de beterraba. O picão branco e o mentruz foram eficientemente controlados com quaisquer das doses de metamitron. Aos 28 DAA, o capim-pé-de-galinha foi totalmente controlado pelas doses de metamitron aplicadas. Entretanto, aos 70 DAA, somente com as doses de 3,5 e 4,2 kg.ha-1 obteve-se controle eficiente dessa espécie. A atividade residual de metamitron, para as doses de 2,8 e 3,5 kg.ha-1, foi igual a 70 dias e para 4,2 kg.ha-1 foi superior a esse período. O controle de plantas daninhas resultou na obtenção de ra

  11. Concentrating Solar Power Projects - Planta Solar 20 | Concentrating Solar

    Science.gov (United States)

    Power | NREL 20 This page provides information on Planta Solar 20, a concentrating solar power Solar's Planta Solar 20 (PS20) is a 20-megawatt power tower plant being constructed next to the PS10 tower and increasing incident solar radiation capture will increase net electrical power output by 10

  12. Remoção mecânica de plantas aquáticas: análise econômica e operacional Mechanical removal of aquatic weeds: operational and economic analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    U.R. Antuniassi

    2002-01-01

    Full Text Available A remoção de plantas aquáticas tem sido utilizada como opção ao controle químico e biológico, em razão de restrições ambientais em algumas regiões brasileiras. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo para análise econômica e operacional da remoção mecânica de plantas aquáticas, visando realizar estudo econômico comparativo com o controle químico. A operação foi estudada num reservatório de uma usina de bombeamento em Barra do Piraí-RJ. O sistema consiste de retroescavadeiras instaladas em balsas, usadas para cortar as plantas e liberá-las no fluxo de água. Antes da tomada d'água existe uma barreira flutuante que intercepta as plantas, as quais são removidas por um guindaste fixo nas margens. As plantas são armazenadas por algum tempo e depois descartadas. Existe, ainda, um sistema de limpeza das grades da tomada d'água. Dados do volume total de plantas descartadas foram coletados durante 14 meses, assim como foi avaliado o volume de biomassa produzido por área das principais espécies infestantes. A empreiteira que administra o serviço forneceu planilhas de custos e outro parâmetros operacionais. Um modelo foi desenvolvido para calcular custos por hectare de plantas removidas. Os resultados mostraram custo médio mensal de US$ 17.780,28 por hectare. Apesar do alto custo, o sistema de remoção demonstrou capacidade de controlar apenas 4,1% da área infestada no reservatório, na época da coleta dos dados. Simulando dados de uma aplicação de glyphosate, o controle químico custaria apenas 0,23% do custo da remoção. Análises de sensibilidade mostraram que a compactação das plantas para transporte, o volume de plantas produzidas por área e o custo do transporte são os parâmetros principais para a otimização.Mechanical removal of aquatic weeds has been an option to biological and chemical control because of environmental restrictions in some places in Brazil. The objective of this study was to

  13. Plantas medicinais utilizadas pela população atendida no "Programa de Saúde da Família", Governador Valadares, MG, Brasil Medicinal plants used by the population assisted by the "Programa de Saúde da Família" (Family Health Program in Governador Valadares County - MG, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Beatriz Gonçalves Brasileiro

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo sobre a utilização de plantas medicinais pela população atendida no Programa de Saúde da Família em Governador Valadares, Estado de Minas Gerais, a fim de resgatar, preservar e utilizar este conhecimento em trabalhos com a comunidade. Foi usada a metodologia de questionários pré-estabelecidos, que foram aplicados pelos Agentes de Saúde da Família. O estudo foi feito em 27 bairros da cidade, sendo aplicados 2454 questionários, resultando em 232 plantas citadas como medicinais pela população entrevistada. As principais indicações de uso das plantas medicinais foram como calmante (10%, contra gripe (18% e infecções (9%. A maioria das plantas utilizadas são preparadas na forma de chá (78% e obtidas em cultivo próprio (57%, sendo que, em geral, o conhecimento sobre o uso e modo de preparo da plantas medicinais foi obtido dos familiares (67%. A maioria das espécies citadas e utilizadas popularmente possui atividade farmacológica já comprovada na literatura necessitando, entretanto, de orientação correta sobre seu cultivo e emprego terapêutico.This study was conducted to evaluate the use of medicinal plants by the population assisted by the "Programa de Saúde da Família" in Governador Valadares -MG, in order to rescue, preserve and use this knowledge in works carried out with the community. The preestablished questionnaire methodology was used. Those questionnaires were applied by the Family Health Agents. The study was accomplished in 27 residential quarters, as being applied 2454 questionnaires, and 232 plants were mentioned as medicinal ones by the interviewed population. The main indications for using the medicinal plants were: as sedative (10%, against influenza (18% and infections (9%. Most plants under use are prepared as tea (78% and are obtained in own cropping (57%. In general, the knowledge on the use and preparation of the medicinal plants proceeded from their

  14. Resposta de plantas micropropagadas de abacaxizeiro à inoculação de bactérias diazotróficas em casa de vegetação Response of pineapple plantlets to inoculation with diazotrophic bacteria in greenhouse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olmar Baller Weber

    2003-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar e avaliar bactérias diazotróficas isoladas de abacaxizeiro (Ananas comosus (L. Merril no desenvolvimento de cultivares micropropagadas da mesma espécie em casa de vegetação. Plantas da cultivar Perolera foram submetidas à inoculação com Asaia bogorensis (AB219 e cultivadas em tubetes, durante 145 dias, com as misturas: casca de arroz carbonizada, folha de carnaubeira triturada e vermicomposto; casca de arroz carbonizada, pó da casca do coco maduro e vermicomposto; casca de arroz carbonizada, vermiculita e vermicomposto. Plantas da cultivar Primavera receberam inóculos com o AB219 e bactérias relacionadas a Burkholderia cepacia (AB202 e AB213, enquanto plantas das cultivares Pérola e Smooth Cayenne receberam AB219 e AB213, sendo cultivadas, por 140 dias, em tubetes com a mistura de vermicomposto e vermiculita. A colonização dos abacaxizeiros pelas bactérias diazotróficas foi confirmada. As plantas da cultivar Perolera cresceram melhor em casca de arroz carbonizada, vermiculita e vermicomposto e responderam positivamente ao AB219. Já as plantas da cultivar Primavera não apresentaram resposta significativa à inoculação com AB219, AB202 e AB213. Houve incremento de 23,1% a 38,5% na matéria seca de raízes das plantas da cultivar Pérola na presença de AB213 e AB219, respectivamente. A presença de AB213 incrementou em 15,2% a matéria seca da parte aérea das plantas da cultivar Smooth Cayenne. Os resultados revelam a eficiência de bactérias diazotróficas na promoção do crescimento de abacaxizeiros.The objective of this work was to select and to evaluate isolates of diazotrophic bacteria associated to pineapple (Ananas comosus (L. Merril plants in the development of micropropagated plantlets of cultivars pineapple in greenhouse. Plantlets from the Perolera cultivar have been submitted to inoculation with Asaia bogorensis (AB219 and were cultivated during 145 days on the following

  15. Avaliação da atividade citotóxica dos extratos etanólicos da casca e das folhas da Terminalia fagifolia Mart. sobre células normais e tumorais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Siqueira de Melo Rodrigues

    2017-02-01

    Full Text Available Introdução: A procura por novas alternativas terapêuticas, como as que utilizam as plantas medicinais, tem despertado grande interesse da comunidade científica na busca por tratamentos mais eficientes para as doenças, incluindo o câncer. Terminalia fagifolia Mart. é uma planta medicinal encontrada no Cerrado brasileiro, usada popularmente no tratamento de aftas e tumores. Objetivos: Avaliar a atividade citotóxica dos extratos etanólicos da casca e das folhas da Terminalia fagifolia em linhagens celulares NIH 3T3 e L929 e tumorais PC3 e B16F10. Métodos: Foi realizada a metodologia de determinação da viabilidade celular em ensaio com monocamada de células utilizando o ensaio MTS. As linhagens NIH 3T3, L929, PC3 e B16F10 foram expostas por 24 horas a diferentes concentrações dos extratos etanólicos da casca e folhas da Terminalia fagifolia. Resultados: Os resultados adquiridos mostraram que os extratos apresentaram viabilidade celular, sendo considerada de moderada a alta, para as células normais NIH 3T3 e L929 e citotoxicidade severa para as células tumorais PC3 e B16F10. Dessa forma, torna-se necessária a continuidade dos estudos com essa planta, pois os extratos da casca e das folhas apresentaram atividades antitumorais muito promissoras. Conclusões: Os extratos da casca e das folhas demonstraram viabilidade celular ≥ 50% nas linhagens celulares normais NIH 3T3 e L929 e demonstraram atividade citotóxica para as linhagens tumorais PC3 e B16F10, apresentando redução da viabilidade celular em torno de 60% e 70%, respectivamente.

  16. Estrutura do capim-braquiária em relação à planta daninha = Structure of signalgrass in relation to weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Eduardo Rozalino Santos

    2011-07-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar as características estruturais da Brachiaria decumbens cv. Basilisk em relação à planta daninha Solanum sisymbrifolium no pasto. Os tratamentos foram dois locais no mesmo pasto, quais sejam, próximo e distante da planta daninha. O delineamento foi em blocos ao acaso com três repetições. O pasto foi manejado sob lotação contínua, com bovinos e com altura média de aproximadamente 25 cm. Foram quantificadas as densidades populacionais das categorias de tamanho dos perfilhos, a altura, a interceptação de luz, as massas e as densidades volumétricas dos componentes morfológicos do pasto. No local distante da planta daninha houve maior ocorrência de perfilhos com tamanho inferior a 20 cm. Já no local próximo da planta daninha, predominaram perfilhos com tamanho superior a 40 cm. A presença da planta daninha ocasionou aumento na altura do pasto e incremento na interceptação de luz pelo dossel. As massas e as densidades volumétricas de lâmina foliar viva, colmo vivo e material morto foram inferiores no local próximo da planta daninha em relação ao local distante. A ocorrência da planta S. sisymbrifolium provoca variabilidade espacial da vegetação no pasto de B. decumbens manejado sob lotação contínua com bovinos.The objective of this study was to evaluate the structural characteristics of Brachiaria decumbens cv. Basilisk in relation toSolanum sisymbrifolium in pasture. The treatments were two sites in the same pasture, near and far from the weeds. A randomized block design with three replications was used. The pasture was managed under continuous stocking and grass height was kept at about 25cm.Densities were quantified for categories tiller size, height, light interception, masses and volumetric densities of morphological components of the pasture. In the site far from the weeds there is a higher occurrence of tillers with size smaller than 20 cm. In site near the weeds, tillers larger than 40 cm

  17. Estudo exploratório do uso de plantas medicinais para o controle de fatores de risco cardiometabólico em mulheres pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Tassotti Gelatti

    2016-08-01

    Full Text Available Este estudo buscou identificar o uso de plantas medicinais para o controle de fatores de risco cardiometabólico, em mulheres pós-menopausa. Trata-se de um estudo transversal, analítico e exploratório e subprojeto de uma pesquisa institucional “Estudo multidimensional de mulheres pós-menopausa do município de Catuípe/RS”. As informações relativas ao uso de plantas foram obtidas em entrevista estruturada e os dados relativos ao índice de massa corporal, circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico e glicêmico do banco de dados da referida pesquisa. Foram selecionadas 51 mulheres, 37,2% relataram usar plantas para problemas cardiometabólicos e apresentavam elevado risco cardiovascular. Foram citadas 18 espécies de plantas, três usadas para diabetes mellitus, sendo a Sphagneticola trilobata a mais citada, uma para hipertrigliceridemia, cinco para hipercolesterolemia, entre as quais a Myristica fragrans foi a mais mencionada, uma para hipertensão e três para redução de peso, destacando- se a Camellia sinensis. Para seis das espécies estudadas foi atribuída ação diurética e uma delas tem indicação para problemas cardíacos. Dentre as citadas, seis encontram- se na RDC 10/2010 e três no Formulário de Fitoterápicos da Farmacopéia Brasileira, contudo, apenas a indicação de uma planta confere com o relato das entrevistadas, por outro lado foram encontrados estudos que relacionaram estas plantas com efeitos cardioprotetores. Considerando a importância do manejo adequado destas doenças, torna- se necessário averiguar se as plantas estão sendo utilizadas para a indicação correta. Sugere-se também a implantação de ações educativas visando qualificar o uso de plantas para diminuir o risco cardiometabólico, utilizando as Políticas do SUS como instrumento de trabalho.Palavras-chave: Risco cardiovascular. Climatério. Terapias complementares. Plantas medicinais. ABSTRACTExploratory study of the

  18. Use of low volume in oil and air assistance in weed controlUso de baixo volume oleoso e assistência de ar no controle de plantas daninhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emerson da Silva Teixeira

    2010-02-01

    Full Text Available Weeds control is an important action to keep the crop production potential. The objective of this study was to evaluate the efficiency of weed control in ground spraying with and without air assistance, using conventional flow rate in herbicide application compared to low volume in oil (LVO. The experimental design was randomized with 48 m2 per plot, and five replications of five different treatments. The applications occurred in post-emergency of Digitaria insularis (L. Fedde and Commelina benghalensis L. The treatments were of conventional and LVO system, with and without air assistance, and one control. LVO applications showed similar control levels as conventional applications. The use of air assistance increased the efficiency of conventional application and reduced the efficiency of LVO applications.O controle das plantas daninhas é uma ação de grande importância para a preservação do potencial produtivo das culturas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência do controle de plantas invasoras nas aplicações terrestres de herbicidas com e sem assistência de ar, utilizando volumes convencionais de pulverização comparados com baixo volume oleoso (BVO. O delineamento experimental empregado foi inteiramente ao acaso, com parcelas de 48 m2, com 5 tratamentos e cinco repetições. A aplicação ocorreu em pós-emergência de Digitaria insularis (L. Fedde e Commelina benghalensis L. Os tratamentos consistiram de pulverização convencional e com sistema BVO, ambos com e sem assistência de ar, mais uma testemunha. As aplicações com sistema BVO sem assistência de ar mostraram níveis de controle semelhantes às aplicações convencionais. O uso da assistência de ar elevou a eficiência das aplicações convencionais e reduziu a eficiência das aplicações em BVO.

  19. Efeito de solo previamente cultivado com plantas aromáticas na germinação e no desenvolvimento inicial de alface

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T. S. PEREIRA

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMOO objetivo desse trabalho foi verificar o efeito do solo pré-cultivado com plantas aromáticas na germinação e no desenvolvimento inicial de plântulas de alface cv. Simpson. A pesquisa foi realizada na Embrapa Hortaliças, Brasília, em bandejas mantidas em casa de vegetação. O experimento foi conduzido em delineamento experimental inteiramente casualizado, com três repetições e onze tratamentos: solo pré-cultivado com hortelã-comum (Mentha x villosa, hortelã-brava (Mentha arvensis, hortelã-pimenta (Mentha piperita, Mentha spp., capim-citronela (Cymbopogon winterianus, capim-limão (Cymbopogon citratus, manjericão de folha larga (Ocimum basilicum, manjericão de folha roxa (Ocimum gratissimun, tomilho (Thymus vulgaris, sálvia (Salvia officinalis e solo da mesma área sem cultivo prévio de planta aromática (controle. Aos 30 dias após o semeio, foram avaliadas: índice de velocidade de emergência (IVE, taxa de sobrevivência (TS, número de folhas (NF, comprimento da raiz principal (CRP e da parte aérea (CPA, massa fresca da raiz (MFR e da parte aérea (MFPA e massa seca da raiz (MSR e da parte aérea (MSPA. Os dados foram submetidos à análise de variância e teste de Tukey a 5% de probabilidade. Houve diferença significativa em relação ao IVE, sendo que o tratamento com C. citratus afetou negativamente a emergência das plântulas. O tratamento com M. arvensis apresentou uma TS de apenas 16% das plantas aos 30 dias após a semeadura. O NF foi menor no tratamento com M. arvensis, diferentemente de todos os demais, exceto S. officinalis. A MRF e MFF foram estimuladas pelo tratamento com T. vulgaris sendo superior a todos os outros tratamentos. Os resultados obtidos permitem concluir que houve efeito negativo de M. arvensis e positivo de T. vulgaris no desenvolvimento inicial de plântulas de alface.

  20. Predação de sementes de plantas daninhas em áreas cultivadas Weed seeds predation in cultivaded fields

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvadi Antonio Balbinot Jr.

    2002-08-01

    Full Text Available Na investigação das relações ecológicas entre as espécies, observou-se que certos animais, principalmente insetos, alimentavam-se de sementes de plantas daninhas antes e depois da sua deiscência, reduzindo a entrada de sementes no banco de sementes do solo e, portanto, a quantidade total de propágulos disponíveis à germinação. Em situações favoráveis à atividade dos predadores, o consumo de sementes pode ser significativo, chegando a 90% do total de sementes produzidas. Esse processo depende, basicamente, das condições de ambiente e das práticas de manejo adotadas, como: método de preparo do solo, espécie cultivada, densidade e espaçamento da cultura e também do tamanho da lavoura. Deste modo, a predação de sementes pode ser uma ferramenta natural importante para o manejo integrado de plantas daninhas. Todavia são necessários estudos com maior consistência dos fatores envolvidos na regulação do processo de consumo de sementes para elucidação e orientação de práticas culturais que maximizem a intensidade de ocorrência desta forma biológica de manejo de infestantes.In investigating ecological relations among species, it has been observed that various animals, mainly insects, feed on weed seeds before and after their dehiscence, reducing seed replenishment in the soil and total amount of propagules available for future germination. Under favorable conditions for predation activity, consumption of seeds can be quite high, reaching as much as 90% of total seeds produced. This process depends, basically, on environmental conditions and on management practices adopted, as soil preparation method, crop species, crop density and spacing, and on the size of cultivated area. Therefore, seed predation is an important natural tool to be used in integrated weed management. Nevertheless, seed predation requires additional studies in order to elucidate more consintently the factors involved in the regulation of seed

  1. Progress in planta transformation without tissue culture

    International Nuclear Information System (INIS)

    Gu Yunhong; Chinese Academy of Sciences, Hefei; Qin Guangyong; Huo Yuping; Yu Zengliang

    2004-01-01

    With the development of planta genetic engineering, more emphases have been laid on convenient and high efficient genetic transformation methods. And transformation without tissue culture is a prospective direction of it. In this paper, traditional transformation methods and the methods of non-tissue culture were summarized. With the exploration and application of Arabidopsis transformation mechanism, with the use of ion beam-mediated transformation invented by Chinese scientists and the development of other transformation methods, transformation methods without tissue culture and planta genetic engineering could be improved rapidly. (authors)

  2. Sistema de classificação fuzzy para o risco de infestação por plantas daninhas considerando a sua variabilidade espacial Fuzzy classification system for risk of weed infestation considering spatial variability

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.M. Bressan

    2006-06-01

    Full Text Available Este artigo trata do problema de classificação do risco de infestação por plantas daninhas usando técnicas geoestatísticas, análise de imagens e modelos de classificação fuzzy. Os principais atributos utilizados para descrever a infestação incluem a densidade de sementes, bem como a sua extensão, a cobertura foliar e a agressividade das plantas daninhas em cada região. A densidade de sementes reflete a produção de sementes por unidade de área, e a sua extensão, a influência das sementes vizinhas; a cobertura foliar indica a extensão dos agrupamentos das plantas daninhas emergentes; e a agressividade descreve a porcentagem de ocupação de espécies com alta capacidade de produção de sementes. Os dados da densidade de sementes, da cobertura foliar e da agressividade para as diferentes regiões são obtidos a partir de simulação com modelos matemáticos de populações. Neste artigo propõe-se um sistema de classificação fuzzy utilizando os atributos descritos para inferir os riscos de infestação de regiões da cultura por plantas daninhas. Resultados de simulação são apresentados para ilustrar o uso desse sistema na aplicação localizada de herbicida.This paper deals with the problem of classifying the risk of infestation by weeds in a field using geoestatistics techniques, image analysis and fuzzy classification models. The main attributes used to describe the infestation include seed density, seed density patch, weed cover and aggressivity to produce seeds in each region. Seed density reflects seed production per area unit; seed density patch reflects the influence of the neighbouring seeds in a clustering; weed cover indicates the extension of the emergent weed plant clusterings; and, finally, aggressivity describes the percentage of occupation of species with high weed seed production capacity. Data for seed density, weed cover and aggressivity for the different regions are obtained from mathematical models. In

  3. Acúmulo de massa seca e macronutrientes por plantas de Glycine max e Richardia brasiliensis Accumulation of biomass and macronutrients by Glycine max and Richardia brasiliensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.F.F. Pedrinho Júnior

    2004-03-01

    Full Text Available Foram realizados dois experimentos, em condições de casa de vegetação, no Departamento de Biologia Aplicada à Agropecuária da FCAV-UNESP de Jaboticabal, objetivando-se determinar o acúmulo de massa seca, assim como a distribuição e o acúmulo de macronutrientes durante os ciclos de vida de plantas de soja cultivar BR16, no período de outubro de 2000 a fevereiro de 2001, e de Richardia brasiliensis (poaia-branca, uma planta daninha de elevada importância para esta cultura no Brasil, especialmente em áreas de plantio direto, no período de outubro de 1998 a fevereiro de 1999. Os estudos foram realizados em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Quatro plantas cresceram em vasos com capacidade de sete litros, preenchidos com areia de rio lavada, peneirada e irrigada diariamente com solução nutritiva. Os tratamentos foram representados pelas épocas de amostragem, realizadas a intervalos de 14 dias, a saber: 22, 36, 50, 64, 78, 92, 106, 120, 134, 148, 162 e 176 dias após a emergência (DAE das plantas de R. brasiliensis; e 21, 35, 49, 63, 77, 91, 105 e 119 DAE das plantas de soja cv. BR-16 (precoce. Em ambas as plantas, as folhas tiveram a maior partição de biomassa durante sete semanas. Para este dado, a partição foi maior para as estruturas reprodutivas em soja e nos caules para a poaia-branca. O ponto de máximo acúmulo teórico de massa seca deu-se aos 104 DAE para a soja (36,6 g por planta e aos 146 DAE para a poaia-branca (16,4 g por planta. Da emergência até aos 50 DAE as folhas apresentaram maior participação no acúmulo de massa seca, nas duas espécies. Após 50 DAE notou-se, em ambas as espécies, uma inversão na representatividade das folhas por caules, para a espécie daninha, e por caules e posteriormente por estruturas reprodutivas, para a cultura. A taxa de absorção diária dos macronutrientes atingiu maiores valores entre 69 e 87 DAE para a soja e entre 106 a 111 DAE

  4. Plantas medicinais em quintais urbanos de Rio Branco, Acre Medicinal plants in urban backyards in Rio Branco, Acre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Siviero

    2012-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo realizar levantamento das espécies vegetais de uso medicinal cultivadas em quintais urbanos da cidade de Rio Branco. Foram realizadas entrevistas presenciais com aplicação de questionário especifico registrando as espécies vegetais de uso medicinal e dados sócio-econômicos dos moradores em 132 quintais urbanos de Rio Branco entre 2009 e 2010. Os bairros selecionados para o estudo foram: Aeroporto Velho, Placas, e Novo Horizonte, todos situados na periferia do município. Foram detectadas 83 espécies vegetais de uso medicinal pertencente a 50 famílias botânicas com destaque para Lamiaceae (12,0% e Asteraceae (6,0%, sendo 66,2% exóticas, e 28,9% e 16,8%, associadas ao uso alimentar e ornamental, respectivamente. A decocção das folhas visando à obtenção do chá foi o principal modo de preparo das plantas. A análise de regressão logística entre a riqueza de espécies e diversos fatores socioeconômicos dos entrevistados mostrou que a probabilidade de ocorrência de espécies é três vezes maior em quintais manejados por moradores com idade superior a 50 anos de idade. A análise de correlação não paramétrica de fatores quantitativos mostrou que a variável tempo de moradia está mais correlacionada com a riqueza de plantas medicinais do que a variável idade. O cultivo das plantas medicinais em quintais urbanos de Rio Branco auxilia no combate a doenças e promove a conservação ex situ da agrobiodiversidade agroflorestal, bem estar aos moradores pela melhoria da paisagem, ambiência microclimática e espaço de lazer.This study aimed to survey the medicinal plant species grown in urban backyards in the city of Rio Branco. Personal interviews were conducted by applying a specific questionnaire recording the plant species of medicinal use and the socioeconomic data of residents in 132 urban backyards in Rio Branco between 2009 and 2010. The districts selected for the study were "Aeroporto

  5. Fitossociologia de comunidades de plantas daninhas em agroecossistema cana-crua Phytosociology of weed community in no-burn sugar cane agroecosystems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Kuva

    2007-09-01

    Full Text Available Objetivou-se neste trabalho estudar a fitossociologia de comunidades de plantas daninhas de canaviais colhidos no sistema mecanizado, sem queima prévia da palha, e a similaridade entre talhões quanto à composição de espécies. Os levantamentos foram realizados em 28 talhões comerciais na região de Ribeirão Preto-SP. Em cada talhão foram demarcadas áreas de coleta e avaliação, na proporção de duas por hectare, mantidas sem controle, e que serviram de local para as amostragens de plantas daninhas. As amostragens foram feitas com quadrados vazados (0,5 x 0,5 m, lançados aleatoriamente duas vezes em cada uma das áreas. Essas amostragens foram realizadas determinando-se a densidade e a biomassa específica aos 120 dias após o corte da cana. Cyperus rotundus foi a principal espécie, destacando-se quanto aos valores de importância relativa (IR. As plantas dicotiledôneas anuais de propagação por sementes também se destacaram, dentre as quais diversas espécies das famílias Euphorbiaceae e Convolvulaceae. Em contrapartida, as gramíneas tradicionais de áreas de cana colhida queimada tiveram pouco destaque. O índice de Shannon (H de diversidade de espécies das comunidades variou de 0 a 1,61, e o índice de similaridade entre os talhões (S foi muito variável. A maioria das espécies ou grupo de espécies apresentou padrão agregado (V/m > 1,00, com valores relativamente altos de índice de agregação (V/m. Entretanto, na maioria dos casos, Cyperus rotundus e as Convolvulaceas apresentaram os maiores índices.A study was carried out in northeastern São Paulo, Brazil to evaluate the similarity between species composition and phytosociological index in weed communities of no-burn sugar cane crop harvest at different times and number of cut-cycles. Assessments were carried out in twenty-eight sugar cane plots in the Ribeirao Preto-SP region. In each plot, collection and evaluation areas were established, two per hectare, kept

  6. Produção e desenvolvimento radicular de plantas de café 'Conilon' propagadas por sementes e por estacas Yield and root development of 'Conilon' coffee plants propagated by cuttings and seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Luiz Partelli

    2006-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e o desenvolvimento radicular e da parte aérea de plantas de café 'Conilon', provenientes de sementes e de estacas, no Município de Vila Valério, ES. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos ao acaso com dois tratamentos (mudas provenientes de sementes e de estacas e 12 repetições com cinco plantas úteis por parcela. As avaliações da parte aérea foram realizadas a partir de sete meses do plantio. Foram realizadas seis desbrotas e cinco colheitas. A avaliação do sistema radicular foi realizada aos 52 meses depois do plantio em quatro profundidades (0-10, 10-20, 20-40 e 40-60 cm. Foram quantificados o diâmetro, o comprimento e a área superficial de raízes. As plantas propagadas por estaca emitiram maior número de ramos plagiotrópicos, durante os sete primeiros meses de idade, e menor número de brotos ortotrópicos durante todo o experimento. Não houve diferenças no comprimento e na área superficial de raízes finas, entre plantas propagadas por sementes e por estacas. Houve maior concentração de raízes finas nas camadas superficiais do solo. A produtividade das plantas propagadas por estacas é maior do que a das plantas propagadas por sementes.The objective of this work was to evaluate the production and root and shoot development of plants of 'Conilon' coffee, grown from seeds and branches, in Vila Valério, ES, Brazil. The experiment was performed in randomized complete block design, with two treatments (seedlings originated from seeds and branches, and 12 replicates with five plants per plot. Shoot growth evaluation was performed seven months after planting. Six pruning of the orthotropic branches and five yields were evaluated. The evaluation of the root system was done 52 months after planting in four depths (0-10, 10-20, 20-40 and 40-60 cm. Diameter, length and superficial area of roots were quantified. Plants grown from cuttings produced more plagiotropic

  7. AVALIAÇÃO DE PLANTAS MATRIZES DE ABACAXIZEIRO CULTIVAR SMOOTH CAYENNE UTILIZANDO MARCADORES RAPD E PADRÕES ISOENZIMÁTICOS EVALUATION OF MATRIX PLANTS OF PINEAPPLE SMOOTH CAYENNE CULTIVAR BY RAPD AND ISOZYMES ANALYSIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA VITÓRIA CECCHETTI GOTTARDI

    2001-12-01

    Full Text Available Foram coletadas, em área comercial da fazenda Córrego dos Bois, município de Canápolis -- MG, 20 plantas matrizes de abacaxizeiro cultivar Smooth Cayenne, para avaliação de similaridade e padrões genotípicos através de marcadores moleculares RAPD e padrões isoenzimáticos. As plantas matrizes foram selecionadas mediante as seguintes características: planta sadia, frutos cilíndricos, ausência de fasciação, pedúnculo curto, ausência de espinhos nas folhas, "olho" do fruto chato e peso dos frutos entre 1,6 a 2,2kg. Para análise de marcadores RAPD, foram testados 100 "primers", dos quais, 43 foram eficientes na amplificação das amostras, onde foram observados padrões de bandas diferentes entre as plantas matrizes utilizadas, indicando a existência de variabilidade genética. Nos padrões isoenzimáticos, dos 15 sistemas utilizados para revelação das amostras, 8 apresentaram atividade enzimática, sendo 5 deles com baixa resolução; entretanto, estes sistemas não foram eficientes em diferenciar as amostras devido à ausência de polimorfismoTwenty matrix plants of pineapple cultivar Smooth Cayenne were collected from commercial area in the farm Córrego dos Bois, Canápolis city - MG, to evaluate similarity and genotypes patterns by both molecular markers, RAPD and isozymes analysis. Collected matrix plants presented the following characteristics: healthy plants, cylindrical fruits, no fasciation, short peduncle, spineless leaves, boring bubilles and fruit weight between 1,6 to 2,2kg. One hundred primers were tested to analyze RAPD patterns, within them, 43 were efficient to amplify the samples. Distinct patterns were observed among the matrix plants indicating that there is genetic variability. In relation to isozyme profiles, 15 isoenzyme systems were tested but only 8 revealed enzymatic activity, where 5 of them presented low resolution. In spite of this, the 8 systems weren't efficient to differentiate the samples not

  8. Intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos na região central de Rondônia Plant poisonings in ruminants and equidae in central region of Rondônia state, Northern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Vargas Schons

    2012-07-01

    Full Text Available Foi realizado um levantamento em 12 municípios da região central de Rondônia sobre a presença de plantas tóxicas e ocorrência de surtos de intoxicação em ruminantes e equídeos. O trabalho foi desenvolvido mediante a utilização de um questionário aplicado a médicos veterinários, agrônomos, zootecnistas e produtores rurais, com o objetivo de identificar as principais plantas tóxicas que ocorrem na região. Trinta e quatro entrevistados relataram casos de intoxicação por uma ou mais plantas comprovadamente tóxicas como: Palicourea marcgravii (12 surtos, Palicourea grandiflora e Enterolobium contortisiliquum (sete surtos cada e Palicourea juruana, Brachiaria radicans, Brachiaria brizantha e Manihot esculenta (dois surtos cada. Em ovinos, foram relatados dois surtos de fotossensiblização por Brachiaria decumbens e um surto de mortalidade por Palicourea grandiflora. Dos 34 surtos relatados em bovinos pelos entrevistados, 374 (8,9% animais foram afetados e 311 (7,4% morreram, de um total de 4.192 de ambos os sexos sob risco. De um total de 250 ovinos sob risco, três surtos de intoxicação por plantas foram relatados e afetaram 28 animais, dos quais 20 morreram. Amorimia sp., previamente desconhecida como tóxica, foi identificada como causa de morte súbita em 32% das propriedades. Quinze surtos de cólica em equídeos que pastavam cultivares de Panicum maximum ('Massai', 'Tanzânia' e 'Mombaça' durante o período das chuvas foram, também, observados. Os resultados do presente trabalho demonstram a importância significativa das intoxicações por plantas como causa de perdas econômicas para a pecuária da região central do Estado de Rondônia. Com a realização deste trabalho, o número de plantas tóxicas para ruminantes com a confirmação de ocorrência de surtos com mortalidade na região passou de um para nove, o que confirma que um trabalho sistemático de investigação é necessário para o conhecimento da import

  9. Pigmentos lipossolúveis e hidrossolúveis em plantas de salvínia sob toxicidade por cromo Liposoluble and hydrosoluble pigments in salvinia under chromium toxicity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.F. Pereira

    2012-12-01

    Full Text Available Devido à intensa utilização industrial, o cromo é considerado um importante poluente ambiental. O presente trabalho objetivou determinar os teores de pigmentos hidro e lipossolúveis em plantas de salvínia expostas a concentrações crescentes de Cr, visando estabelecer parâmetros bioquímicos para utilização dessa macrófita em programas de biomonitoramento e/ou fitorremediação da poluição causada por esse poluente metálico em ambientes aquáticos. As plantas foram submetidas a concentrações crescentes de Cr e avaliadas após quatro, seis e dez dias de tratamento. Os resultados dos ensaios permitiram concluir que plantas de salvínia sob condições de estresse por Cr apresentam reduções nas concentrações das clorofilas a, b e total e, em contraste, aumentos nas concentrações de antocianinas totais. Embora a concentração de carotenoides totais não tenha sido alterada em resposta ao Cr, as variações nas concentrações dos demais pigmentos lipossolúveis e dos pigmentos hidrossolúveis observadas nas folhas das plantas de salvínia podem ser utilizadas como parâmetros bioquímicos de biomonitoramento da poluição causada por esse elemento metálico em ambientes aquáticos.Due to widespread industrial use, chromium is considered a serious environmental pollutant. This study aimed to determine the content of hydrosoluble and liposoluble pigments in salvinia plants exposed to increasing concentrations of Cr, to establish biochemical parameters for the use of macrophyta in pollution bio-monitoring programs and/or phyto-remediation in aquatic environments by this pollutant metal. The plants were exposed to increasing concentrations of Cr and evaluated after four, six, and ten days of treatment. The test results showed that salvinia plants under stress conditions for Cr exhibit decreases in the concentrations of chlorophylls a, b, and total, and, in contrast, increases in anthocyanin concentrations. Although the

  10. Influência do alumínio de um Podzólico Vermelho-Amarelo do Acre sobre o crescimento das plantas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. R. N. F. Gama

    1999-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado em Piracicaba (SP, em 1995, com o objetivo de investigar a causa da ausência de sintomas de toxidez de alumínio ou da redução de produtividade de plantas cultivadas em um solo Podzólico Vermelho-Amarelo do Acre. O teor de Al trocável nesse solo ultrapassa 14 cmol c dm-3 no horizonte B. Amostras dos horizontes A e B foram incubadas com diferentes doses de calcário e submetidas à determinação do pH em H2O, do pH em CaCl2 0,01 mol L-1 e do teor de Al trocável extraído com KCl 1 mol L-1 e determinado por titulação com NaOH 0,02 mol L-1 e por espectrofotometria de absorção atômica. Em outro experimento, quatro espécies ou cultivares (arroz, cultivares Fernandes e IAC 1131; feijão, cultivar Rosinha, e milho, cultivar C511-A foram plantados em vasos contendo amostras dos horizontes A e B do solo em estudo; em 50% dos vasos, as amostras foram previamente tratadas com carbonatos de cálcio e de magnésio para elevar a saturação por bases a 80%. Após 60 dias, as raízes e a parte aérea foram secas, pesadas e submetidas à determinação do teor de Al. Em uma terceira etapa, foi determinado o teor de alumínio na solução do solo, empregando-se extratos da pasta de saturação de amostras incubadas com doses crescentes de calcário. Os teores de Al trocável obtidos por titulação do extrato com NaOH 0,02 mol L-1 mostraram-se coerentes com os determinados por espectrofotometria de absorção atômica. A influência da calagem sobre a produção de matéria seca e sobre a absorção de Al pelas plantas foi pequena, não havendo relação clara entre o desenvolvimento destas ou ocorrência de sintomas de toxidez e a presença de Al trocável nesse solo. As amostras não tratadas com corretivos apresentaram teores elevados de Al na solução; contudo, não foram observados sintomas de toxidez nos vegetais. No Podzólico Vermelho-Amarelo estudado, o teor de alumínio trocável e a concentração de Al na

  11. Regulação da absorção e assimilação do nitrogênio nas plantas Regulation of nitrogen absortion and assimilation in plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Christian Bredemeier

    2000-04-01

    Full Text Available A presente revisão tem por objetivo discutir os mecanismos de regulação da absorção e assimilação do nitrogênio nas plantas, de modo que a eficiência de uso desse nutriente seja aumentada. O nitrogênio é absorvido nas raízes sob a forma de NO3- ou NH4+, sendo então incorporado em aminoácidos na própria raiz ou na parte aérea. A taxa e a quantidade de nitrogênio absorvido e assimilado durante o ciclo da planta dependem da presença de carregadores específicos na membrana plasmática, da atividade das enzimas envolvidas no seu ciclo, da disponibilidade de energia necessária para os processos de absorção e assimilação e do estádio de desenvolvimento da planta. Inúmeros grupos de pesquisa têm centrado esforços na identificação dos pontos mais limitantes do metabolismo do nitrogênio nas plantas. Os limitadores têm sido relacionados com: a a afinidade dos carregadores pelo nitrato e amônio; b o suprimento de carboidratos às raízes; c o nível de aminoácidos no floema radicular; d a atividade das enzimas redutase do nitrato (RN, sintetase da glutamina (GS e sintase do glutamato (GOGAT; e a fonte de N suprida às plantas (NO3- ou NH4+; f o local de assimilação do N (raiz ou parte aérea. Esses estudos têm mostrado que o metabolismo do N é multiregulado e integrado ao metabolismo geral da planta. A identificação de pontos metabólicos específicos que são mais limitantes para o incremento da produtividade é complexa. A perspectiva é que a clonagem dos transportadores de N poderá auxiliar os programas de melhoramento genético na obtenção de plantas mais eficientes na absorção do nitrogênio.Nitrogen is absorbed as NO3- ou NH4+ and assimilated into aminoacids both in roots and shoots. Root absortion (rate and total amount at each plant developmental stage depends on specific plasma membrane carriers, enzyme activity for reduction and assimilation and energy availability for both processes. Several research

  12. Morfoanatomia, tricomas glandulares e fitoquímica de Lomatozona artemisiifolia Baker (ASTERACEAE - EUPATORIEAE) - uma planta endêmica do Cerrado de Goiás

    OpenAIRE

    Trindade, Luma Mota Palmeira

    2013-01-01

    Morfoanatomia, tricomas glandulares e fitoquímica de Lomatozona artemisiifolia Baker (Asteraceae - Eupatorieae) – Uma planta endêmica do cerrado de Goiás - A família Asteraceae é amplamente distribuída, possuindo 24.000 espécies e 1.600 a 1700 gêneros, constituindo uma das maiores famílias de fanerógamas. No Cerrado, dentre as fanerógamas, é a segunda maior família em quantidade de espécies. Dentre as inúmeras espécies de Asteraceae está presente Lomatozona artemisiifolia Baker, pertence à tr...

  13. Desempenho horticultural de plantas propagadas in vitro de Sacha inchi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Hercílio Viegas Rodrigues

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi avaliar, em condições de campo, características horticulturais de mudas propagadas in vitro de Sacha inchi (Plukenetia volubilis L, quanto à época de florescimento e colheita, características morfológicas relacionadas à coloração e forma de folhas, caule e frutos, bem como a produtividade do material propagado in vitro. As mudas de cultura de tecidos foram propagadas por seis semanas em meio de cultivo com sais e vitaminas de MS, acrescido de 30g L-1 de sacarose e 1,0mg L-1 de BAP, a partir do ponteiro de plântula germinada in vitro. Foram selecionadas, ao acaso, quatro plantas propagadas in vitro, quatro plantas por via seminal e mais vinte e duas plantas, também por via seminal, compondo a bordadura, totalizando trinta plantas. As análises foram semanais até completar quatorze meses do plantio, que ocorreu antes da primeira poda. Os resultados obtidos indicam a não ocorrência de variabilidade genética nas plantas produzidas in vitro, bem como precocidade na produção e maior produtividade, quando comparado com o material convencional obtido via seminal.

  14. Respostas de plantas de Schizolobium amazonicum [S. parahyba var. amazonicum] e Schizolobium parahyba [Schizolobium parahybum] à deficiência hídrica

    OpenAIRE

    Carvalho, Cláudio José Reis de

    2005-01-01

    Plantas jovens de S. amazonicum (paricá) e S. parahyba (guapuruvu) foram submetidas a dois ciclos de deficiência hídrica em casa de vegetação. O déficit hídrico induziu o aumento dos teores de aminoácidos solúveis totais, prolina, açúcares solúveis totais e K+ nos tecidos foliares, ocasionando o abaixamento do potencial osmótico em ambas as espécies. Porém, a análise dos resultados das curvas pressão-volume indica que as espécies respondem, de maneira diferente, ao estresse hídrico e o S. ama...

  15. Ocorrência de plantas aquáticas nos reservatórios da Companhia Energética de São Paulo Aquatic weed survey in reservoirs controlled by the oower plant of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.H. Tanaka

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi caracterizar as comunidades de plantas aquáticas presentes nos reservatórios da Companhia Energética de São Paulo. Os levantamentos foram realizados entre janeiro e dezembro de 1999, percorrendo-se com um barco as margens dos reservatórios de Três Irmãos, Jupiá, Ilha Solteira, Porto Primavera, Paraibuna e Jaguari, visando identificar as áreas com infestações de plantas aquáticas. Em cada ponto de avaliação, fez-se a identificação das espécies e estimou-se visualmente a área total infestada e a participação de cada espécie (em % da área total. Com as informações coletadas em campo, procedeu-se a uma etapa de trabalhos em escritório, incluindo a identificação das espécies de plantas aquáticas nos casos em que não era possível identificar as espécies no local; a determinação de classes de plantas aquáticas (emersas, emersas com folhas flutuantes, submersas, flutuantes; a identificação das espécies mais freqüentes; e o estabelecimento de relações de dominância e co-dominância. São apresentados os resultados obtidos em cada reservatório.This work aimed to describe the aquatic plant communities present in reservoirs controlled by Companhia Energética de São Paulo (CESP. The survey was carried out from January to December 1999, using a boat along the marginal areas of Três Irmãos, Jupiá, Ilha Solteira, Porto Primavera, Paraibuna and Jaguari reservoirs, aiming to identify areas with aquatic plant infestations. In each evaluation point plant species were identified and the infested areas and participation of each species visually estimated (% of the total area. Fieldwork for data collection were followed by other studies including the identification of plant species not identified in the field; the classification of plants in groups (emersed, emersed with floating leaves, submersed and floating; the identification of the most frequent species and the determination of

  16. Ocorrência de plantas daninhas no cultivo de beterraba com cobertura morta e adubação orgânica Weed occurrence in sugar beet crop under mulching and organic fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A.N Sediyama

    2010-12-01

    Full Text Available A cobertura do solo é prática importante na produção de hortaliças que também auxilia no controle de plantas daninhas. Praticamente, não existem pesquisas para o controle alternativo de plantas daninhas em beterraba, e são poucos os herbicidas indicados para a cultura. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito da cobertura do solo com palha de café ou bagaço de cana-de-açúcar e de doses de lodo de lagoa de decantação de águas residuárias de suinocultura na incidência de plantas daninhas e na produtividade de beterraba, cultivar Early Wonder. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental da EPAMIG, em Oratórios-MG. Utilizou-se o esquema de parcelas subdivididas no delineamento experimental de blocos casualizados, com quatro repetições. Nas parcelas foram dispostos três tipos de cobertura do solo: bagaço de cana-de-açúcar, palha de café e ausência de cobertura, e nas subparcelas utilizaram-se cinco doses de lodo de lagoa de decantação de águas residuárias de suinocultura (0, 10, 20, 40 e 60 t ha-1. Aos 45 dias após o transplantio (DAT das mudas foi avaliada a população de plantas daninhas, e aos 70 DAT realizou-se a colheita. A palha de café e o bagaço de cana-de-açúcar foram eficazes na redução da massa fresca total das plantas daninhas, devido ao efeito supressor da cobertura morta sobre as dicotiledôneas. Todavia, a massa seca de tiririca aumentou com o uso de palha de café, enquanto a massa seca das outras monocotiledôneas não apresentou diferença entre os três tratamentos. O aumento das doses de lodo promoveu redução linear da massa seca de monocotiledôneas, exceto de tiririca. A cobertura com palha de café proporcionou maior massa unitária de raiz e maior produtividade de raízes comerciais, independentemente das doses de lodo.Soil covering is an important practice in vegetable production, also helping in weed control. There is almost no research involving alternative weed control

  17. Crescimento de plantas e produção de rizomas de taro 'Chinês' em função do tipo de muda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Puiatti Mário

    2003-01-01

    Full Text Available Verificou-se a viabilidade agronômica e econômica da utilização do rizoma mãe (cabeça de taro (Colocasia esculenta 'Chinês' na implantação da cultura, comparado à propagação convencional (rizomas filhos. O experimento constou de dez tratamentos, dispostos no delineamento blocos ao acaso, com cinco repetições. Os tratamentos consistiram de cabeça intacta, seis segmentos da cabeça e de três classes de rizomas filhos intactos, a saber: CI = cabeça intacta (peso médio de 300 g; CMS = metade superior da cabeça (150 g; CMI = metade inferior da cabeça (150 g; CTS = terço superior da cabeça (100 g; CTM = terço mediano da cabeça (100 g; CTI = terço inferior da cabeça (100 g; CML = metade lateral da cabeça (150 g; RFG = rizoma filho grande (100 g; RFM = rizoma filho médio (50 g e RFP = rizoma filho pequeno (25 g. Durante o ciclo avaliou-se, mensalmente, o estande, a altura e área foliar das plantas; na colheita, avaliou-se a produção de rizomas mãe e das classes de rizomas filhos. Realizou-se a análise econômica estimando-se os possíveis retornos obtidos com a venda de cada classe de rizomas. As menores porcentagens de plantas emergidas foram observadas nos tipos de mudas CTI, CMI e CTM com, respectivamente, 0%, 35% e 68%. Aos 105 e 165 dias após plantio foram observados os valores máximos em índice de área foliar e altura de plantas, respectivamente. A utilização da cabeça intacta (CI e dos segmentos CMS, CML e CTS apresentaram-se viáveis agronômica e economicamente, com rendimentos e retorno financeiro das classes de rizomas mãe, filho médio, comercial, refugo e total, semelhantes aos proporcionados pelos tipos de mudas RFG e RFM. Segmentos CML e CTS e muda RFG proporcionaram, como grande vantagem, maiores participações da classe filho grande nos rendimentos de rizomas por área e retorno estimado, que os demais tipos de mudas. A utilização da cabeça intacta e/ou dos segmentos CMS, CML e CTS, na

  18. Produção de prolina e suscetibilidade ao glufosinato de amônio em plantas transgênicas de citrumelo Swingle Proline production by transgenic plants of Swingle citrumelo and susceptibility to glufosinate ammonium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine Elizabeth Alvarenga Carneiro

    2006-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade de plantas transgênicas de citrumelo Swingle com elevada produção de prolina, ao herbicida glufosinato de amônio. As plantas utilizadas apresentavam a inserção do gene mutante da enzima delta1-pirrolina-5-carboxilato sintetase (P5CS, responsável pela biossíntese de prolina. A expressão do gene p5cs em plantas transgênicas causou aumento nas quantidades de prolina em tecidos foliares, em até cinco vezes, quando comparadas às plantas-controle tratadas com 200 µM de glufosinato de amônio. As plantas transgênicas acumularam maior quantidade de NH4+ nas folhas, em relação às plantas não-transgênicas. Os danos causados pelo herbicida foram avaliados in vitro, utilizando-se discos foliares cultivados em meio MS com diferentes concentrações de glufosinato de amônio. Observou-se maior clorose em discos foliares das plantas transgênicas, o que comprova a maior suscetibilidade de plantas de citrumelo Swingle com alta produção de prolina ao herbicida.The objective of this work was to evaluate the susceptibility to glufosinate ammonium of transgenic plants of Swingle citrumelo with high proline production. The mutant gene of the enzyme delta1-pyrroline-5-carboxylate synthetase (P5CS, the rate-limiting enzyme in proline biosynthesis, was inserted into Swingle citrumelo plants. The expression of the gene p5cs caused up to 5-fold increase on the proline content in leaf tissues of transgenic plants treated with 200 µM glufosinate ammonium, when compared with control plants. Leaves of transgenic plants accumulated higher amounts of NH4+ than the nontransgenic control. The herbicide toxicity was evaluated using leaf disks cultivated in MS medium, containing different concentrations of glufosinate ammonium. The severity of the chlorosis, observed in leaf disks of transgenic plants, confirmed the higher susceptibility of Swingle citrumelo plants, with high proline production, to this

  19. Actividad antiparasitaria de extractos de plantas colombianas de la familia Euphorbiaceae

    OpenAIRE

    Laura Fernanda Neira; Elena Stashenko; Patricia Escobar

    2014-01-01

    Introducción: La familia Euphorbiaceae es un grupo heterogéneo de plantas distribuidas en el territorio colombiano utilizadas algunas de ellas, como plantas medicinales. Objetivo: Determinar la actividad tóxica de aceites esenciales (AE) y extractos de plantas obtenidos de la familia Euphorbiaceae contra tripanosomátidos. Materiales y métodos: Los AE de Croton pedicellatus Kunth (AE1) y C.leptostachyus Kunth (AE2) y el extracto de Phyllanthus acuminatus Vahl fueron obtenidos por hidrodestilac...

  20. Uso tradicional de plantas medicinales en mercados de Bogot?, D.C

    OpenAIRE

    Giraldo Quintero, Sara Emilia; Bernal Lizaraz?, Mar?a Consuelo; Morales Robayo, Adriana; Pardo Lobo, Alesdy Zuled; Gamba Molano, Leopoldo

    2015-01-01

    Objetivo.Describir el uso tradicional de 26 plantas, identificando la droga vegetal, su preparaci?n y administraci?n, los fines medicinales para los que se recomiendan y posibles pr?cticas de uso inadecuado. Materiales y m?todos. Se aplicaron 16 entrevistas semiestructuradas a vendedores de plantas medicinales en 8 plazas de mercado de la ciudad de Bogot?, D.C. Adicionalmente se realiz? la identificaci?n taxon?mica de las plantas con mayor reporte por parte de los vendedores y su uso tradicio...

  1. Las plantas transgénicas: una visión integral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miguel Martínez T.

    2004-01-01

    Full Text Available Se analiza el pasado, presente y las perspectivas de las plantas transgénicas. Se discuten además las principales estrategias utilizadas para resolver problemas en la agricultura, la medicina y la industria, utilizando la tecnología de plantas transgénicas. Rasgos de tipo agronómico y farmacéuticos están siendo actualmente trabajados por ingeniería genética tanto en laboratorios académicos como industriales y la aplicación de nuevas estrategias para mejorar las plantas transgénicas sólo está limitada por nuestro pobre conocimiento de la función de los genes. Las nuevas estrategias de genómica funcional para la identificación y caracterización de los genes prometen una información abundante con un potencial enorme para producir plantas modificadas genéticamente para propósitos específicos.

  2. Efeito de extratos e óleos essenciais de plantas na germinação de urediniósporos de Phakopsora pachyrhizi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.I. Borges

    2013-01-01

    Full Text Available Métodos alternativos para o controle de doenças e pragas de plantas vêm sendo pesquisados buscando causar menores danos ao ambiente e a saúde humana. Diante disso, o objetivo deste estudo foi identificar extratos de plantas e óleos essenciais com possíveis efeitos sobre Phakopsora pachyrhizi, agente etiológico da ferrugem-asiática da soja. Assim, 61 extratos de plantas da flora nativa da região do Alto Rio Grande, Minas Gerais e cinco óleos essenciais obtidos comercialmente foram utilizados com a finalidade de testar os efeitos na germinação de urediniósporos do referido fungo. Foram utilizadas placas de Petri de 6 cm, com meio ágar-água, adicionado com 150 μL de extrato de planta ou 6 μL do óleo essencial misturado ao meio de cultura. Como testemunhas foram utilizadas 150 μL de Tween 20 a 0,7% e 150 μL de água destilada. Após, foram adicionados 50μL de uma suspensão de urediniósporos, na concentração de 2mg.5mL-1 e espalhados com alça de Drigalsky. As placas foram colocadas em BOD, a 23(±2ºC, por 4 horas. A germinação foi paralisada com adição de lactoglicerol. A avaliação da percentagem de esporos germinados foi realizada em microscópio de luz. Dentre os extratos vegetais testados, dez apresentaram percentual de germinação abaixo de 15%, tendo os extratos obtidos das plantas Pelargonium sp., Salvia officinalis, Lavandula officinalis, Mentha pulegium e M. arvensis apresentado germinação de esporos de 3,0%, 3,5%, 3,0%, 2,0% e 4,0%, respectivamente. Todos os óleos essenciais avaliados foram efetivos na inibição da germinação, com destaque para o óleo essencial de Caryophilus aromaticus, que apresentou percentagem de germinação de 5%, resultando num percentual de inibição de 50,0%.

  3. REPRODUÇÃO DE Meloidogyne incognita RAÇA 2 E DE Meloidogyne javanica EM OITO ESPÉCIES DE PLANTAS MEDICINAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S.L. MACIEL

    1996-05-01

    Full Text Available Avaliaram-se as taxas reprodutivas de Meloidogyne incognita raça 2 e de Meloidogyne javanica em oito espécies de plantas consideradas medicinais, em vasos com 500 ml de solo, sob condição de casa de vegetação. Cada planta foi inoculada com 5000 ovos, em média, estabelecendo-se cinco repetições. Realizaram-se as avaliações após 45 a 55 dias das inoculações, com base nos índices de massas de ovos e nos fatores de reprodução dos nematóides. Achillea millefolium (mil-folhas, Arctium lappa (bardana, Bryophyllum calycinum (folha-da-fortuna e Crassula portulacea (bálsamo foram hospedeiras não eficientes ou desfavoráveis a ambas as espécies. Plectranthus barbatus (boldo e Polygonum hidropiperoides (polígono foram eficientes à reprodução das duas espécies. Achyrocline satureoides (macela e Tropaeolum majus (chagas foram eficientes para M. javanica e não para M. incognita.The reproductive rates of the root-knot nematodes Meloidogyne incognita race 2 and M. javanica in the roots of eight medicinal plant species were assessed under greenhouse condition. Each plant, growing in a pot containing 500 ml of sterilized soil, was inoculated with an average number of 5,000 eggs, with five repetitions. Egg mass index and reproduction factor data were used for the evaluation, 45-55 days after plant inoculation. Achillea millefolium, Arctium lappa, Bryophyllum calycinum, and Crassula portulacea were rated as poor or nonefficient hosts, while Plectranthus barbatus and Polygonum hidropiperoides were efficient for both nematode species. Achyrocline satureoides and Tropaeolum majus were efficient for M. javanica, but nonefficient for M. incognita.

  4. Efeitos na taxa de transporte de elétrons de plantas daninhas após aplicação de amicarbazone Effects on the electron transport rate of weeds after amicarbazone application

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R Araldi

    2011-09-01

    Full Text Available Entre os herbicidas registrados para cana-de-açúcar, o amicarbazone é um dos mais importantes para o controle das plantas daninhas, sendo preciso que o herbicida seja absorvido, translocado e que ele alcance os cloroplastos das células das folhas para atuar em seu sítio de ligação no fotossistema II. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação do amicarbazone na taxa de transporte de elétrons (ETR de Ipomoea grandifolia, Brachiaria decumbens e Digitaria horizontalis. Foi verificada a resposta dessas plantas daninhas, em relação à ETR, quando submetidas ao amicarbazone em solução e na sequência à solução sem herbicida, por meio de leituras da ETR, realizadas em folhas novas e adultas com o uso de um fluorômetro portátil. Verificou-se também o consumo de água das plantas daninhas pela pesagem diária dos recipientes contendo a solução e as plantas. Assim, verificou-se por meio do experimento que a redução dos valores da ETR pode ser utilizada para indicar o nível de intoxicação nas plantas daninhas em estudo. As plantas daninhas I. grandifolia, B. decumbens e D. horizontalis apresentaram respostas diferenciadas quando submetidas a solução sem herbicida após solução com amicarbazone. I. grandifolia apresentou-se mais sensível ao amicarbazone devido à maior dificuldade em recuperar os níveis iniciais de ETR, além de apresentar alterações nas folhas novas após o termino de fornecimento do herbicida. O consumo de água pode explicar esse comportamento em I. grandifolia, visto tratar-se da espécie que mais consumiu água e, consequentemente, mais absorveu o amicarbazone. Já para B. decumbens e D. horizontalis ocorreram menores níveis de absorção de água e, por conseguinte, as folhas velhas tiveram melhor recuperação do transporte de elétrons e não houve intoxicação em folhas novas.Amicarbazone is one of the most important herbicides registered for weed control in sugarcane. It must

  5. Ocorrência de plantas daninhas após cultivo de milho na savana amazônica Occurrence of weeds after corn cultivation in the Amazonian savannah

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A.A. Albuquerque

    2012-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar as comunidades de plantas daninhas que ocorreram após o cultivo de milho em plantio direto na savana amazônica, foi realizado um levantamento fitossociológico em um experimento de manejo do solo. As coletas de identificação e quantificação das plantas daninhas foram realizadas quatro meses após a colheita do milho, durante os meses de junho e julho de 2010. As plantas foram avaliadas quanto a: classe botânica, família, espécie, número de indivíduos, frequência, densidade, abundância, frequência relativa, densidade relativa, abundância relativa, índice de valor de importância, método de propagação e ciclo de vida. A vegetação emergente na área de estudo foi de 419 espécies, das quais nove foram identificadas como da classe botânica das dicotiledôneas e seis das monocotiledôneas. As espécies da família Ciperaceae foram as mais abundantes, enquanto as famílias Poaceae, Ciperaceae, Asteraceae, Malvaceae e Fabaceae foram as que registraram os maiores números de indivíduos e frequências de espécies nas parcelas. Foi encontrada apenas a espécie Cordia curassavica com hábito de crescimento arbustivo. A espécie Cyperus rotundus apresentou os maiores valores em todos os parâmetros fitossociológicos avaliados, destacando-se o índice de valor de importância, que foi 1,5 vez maior que o de Brachiaria humidicola, o qual foi o segundo maior valor (40,49.The aim of this work was to identify the occurrence of weeds after five years of no-tillage corn cultivation in the Amazonian savannah. A phytosociological survey was conducted involving collection, identification, and quantification of the weeds, after corn harvest during June and July, 2010. The investigated properties included botanical classes, families, species, number of individuals, frequency, density, abundance, relative frequency, relative density, relative abundance, importance value index, propagation method, and life cycle. The

  6. Spacings between plants with chicken manure in Roselle crop=Espaçamentos entre plantas e cama-de-frango na produção de Rosela.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Oliveira Carnevali

    2011-10-01

    Full Text Available The purpose of this work was to analyze the effects of plant spacing within rows by means of applying or not applying chicken manure to the soil cover in the growth and yields of roselle biomass. The treatments consisted of five spacings between plants (0.30, 0.35, 0.40, 0.45 and 0.50 m and the application or non application of chicken manure to the soil cover in a dose of 10 ton. ha-1, arranged in randomized blocks of 5 x 2 with four replicates. The maximum plant height (282.92 cm was achieved at 200 days after the transplant (DAT, with 0.35 m between plants and without the application of chicken manure. The leaf area was significantly influenced by the interaction of the spacings between plants and the application of chicken manure, presenting a linear growth of 32,009 cm2 plants-1. The biggest fresh and dry weight yields in leaves were 31,571 and 3,339 kg ha-1, respectively, with a 0.30 m spacing between the plants. The biggest yields of both fresh and dry weights of the stems and fruits of roselle plants were obtained in the soil with chicken manure.O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de espaçamentos entre plantas dentro das fileiras e do uso ou não de cama-de-frango na cobertura do solo sobre o crescimento e a produção de biomassa de plantas de rosela. Os tratamentos consistiram de cinco espaçamentos entre plantas (0,30; 0,35; 0,40; 0,45 e 0,50 m e do uso ou não de cama-de-frango em cobertura do solo, na dose de 10 t ha-1, arranjados como fatorial 5 x 2, no delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições. A altura máxima da planta (282,92 cm foi alcançada aos 200 dias após o transplante (DAT sob 0,35 m entre plantas e sem o uso de cama-de-frango. A área foliar foi influenciada significativamente pela interação espaçamentos e cama-de-frango e cresceu linearmente com os espaçamentos entre plantas, sendo de 32.009 cm2 planta-1 com cama. As maiores produções de massas frescas e secas de folhas foram de 31

  7. Isolamento e caracterização da lectina camptosemina extraída das sementes de Camptosema ellipticum

    OpenAIRE

    Fernanda Aparecida Heleno Batista

    2007-01-01

    Lectinas são (glico)proteínas de origem não imune capazes de causar aglutinação celular e/ou precipitação de glicoconjugados. O termo lectina de legume refere-se às lectinas de plantas que são encontradas exclusivamente em exemplares da família Leguminosae. Uma característica notável das lectinas de legumes é que todas as proteínas compartilham estrutura terciária constituída pelo motivo jelly-roll, que é basicamente composto por folhas-β, mas apresentam grande variabilida...

  8. Alterações morfoanatômicas em plantas de Lithraea molleoides (Vell. Engl. submetidas ao alagamento = Morpho-anatomical alterations in plants of Lithraea molleoides (Vell. Engl. submitted to flooding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano Medri

    2007-01-01

    Full Text Available Visando contribuir para o conhecimento das estratégias de tolerância de espécies arbóreas à hipoxia, os efeitos do alagamento em plantas de Lithraea molleoides foram estudados. Indivíduos jovens foram mantidos em condições de solo drenado e alagado por 35 dias. Para as análises de crescimento e desenvolvimento, o comprimento e diâmetro docaule e raiz principal e o peso seco de raízes, caule e folhas foram medidos. Para os estudos anatômicos, foram realizados cortes de material fresco e fixado, de acordo com técnicas usuais em anatomia vegetal. As plantas alagadas apresentaram menor massa seca sem,contudo, ocorrer morte de raízes ou abscisão de folhas. Observou-se maior volume de espaços intercelulares nas raízes secundárias e na base dos caules dessas plantas, sendo que a última região apresentou lenticelas hipertrofiadas. As plantas alagadas apresentaram menorteor de amido na base do caule e menor investimento em estruturas secretoras. Sugere-se que o alagamento provocou redução na alocação de recursos para crescimento, os quais foram utilizados na produção de alterações morfológicas, como lenticelas hipertrofiadas eaumento dos espaços intercelulares. Essas alterações contribuíram para a sobrevivência das plantas durante o período de estresse, possivelmente por manter a respiração aeróbia.Flooding effects in Lithraea molleoides plants were studied. Young plants were kept under drained and flooded soil over a period of 35 days. For growth and development analyses, the length and diameter of stem and main root and the dry weight of roots, stem, and leaves were measured. For anatomical studies, sections of fresh and fixed roots, stem bases and leaves were made using standard procedures in vegetalanatomy. The stress reduced the dry weight increment of plants without causing the death of roots or the abscission of leaves. In the stem base, flooding induced the hypertrophy of lenticels and the increase of

  9. Aumento da população de plantas e uso de herbicidas no controle de plantas daninhas em milho Increase of plant population and use of herbicides to control weeds in corn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Merotto Junior

    1997-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a capacidade de controle de plantas daninhas efetuada pelo aumento da população de plantas de milho em associação com diferentes métodos de controle de plantas daninhas. O experimento foi conduzido em Lages (SC sob o delineamento de blocos ao acaso em parcelas subdivididas. Nas parcelas principais foram alocados os métodos de controle de plantas daninhas: 1 sem controle; 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/h a em pré emergência; 3 nicosulfuron (60 g/ ha em pós - emergência; 4 atrazine + metolachlor em pré emergência e nicosulfuron em pós-emergência; e 5 capina até o florescimento. Nas sub parcelas foram alocadas as populações de plantas: 35.000, 50.000, 68.000 e 80.000 plantas ha-1. O aumento da população de plantas foi mais efetivo na diminuição da matéria seca de plantas daninhas nos tratamentos sem controle e com herbicida em pré emergência. As plantas daninhas promoveram maiores decréscimos no rendimento de grão s de milho na população de 80000 plantas ha-1, onde a competição com plantas daninhas somou-se à competição intraespecífica que também é maior do que nas menores populações . O uso de altas populações de plantas diminui a competição com plantas daninhas , mas deve ser complementado com outros métodos de controle no início do desenvolvimento da cultura.The objective of this experiment was to evaluate the effectiveness of increasing corn plant population in association with differe nt methods to control weeds. The trial was conduted in Lages, SC, using a randomized complete block desing in a split plot arragement. Fiv e methods of weed control were located at the main plots: 1 check without control, 2 atrazine + metolachlor (1,4 + 2,1 kg/ha in pre-emergency, 3 nicosulfuron (60 g/ha in post emergency, 4 atrazine + metolachlor in pre-emergency and nicosulfuron in post emergency, and 5 hoeing up to flowerin g. Four plant population were tested at split

  10. Plan de marketing para un vivero de planta ornamental

    OpenAIRE

    MARCH CUBERTORET, PAULA

    2017-01-01

    [ES] Se ha realizado un plan de marketing de un vivero de planta ornamental interior en Petrés (Valencia), así como un estudio de mercado para analizar las necesidades del consumidor y proponer mejorar el posicionamiento de la empresa para finalmente aumentar las ventas de sus productos. March Cubertoret, P. (2017). Plan de marketing para un vivero de planta ornamental. http://hdl.handle.net/10251/92819 TFGM

  11. Potencial alelopático de plantas de acapu (Vouacapoua americana: efeitos sobre plantas daninhas de pastagens Allelopathic potential of "acapu" (Vouacapoua americana plants: effects on pasture weed

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.P.S. Souza Filho

    2000-01-01

    Full Text Available Extratos aquosos de folhas e cascas de plantas de acapu (Vouacapoua americana foram preparados nas concentrações de 0, 1, 2, 3 e 5% (v/v, visando identificar e caracterizar a atividade potencialmente alelopática dessa espécie. Analisaram-se os efeitos dos extratos sobre a germinação de sementes e o alongamento da raiz primária das plantas daninhas malícia (Mimosa pudica e malva (Urena lobata. Os bioensaios de germinação foram desenvolvidos em condições de 25 ºC e fotoperíodo de 12 horas. Para os bioensaios de alongamento da raiz primária, as condições estabelecidas foram de 25 ºC e fotoperíodo de 24 horas. Os resultados obtidos indicaram variações de respostas em função da fonte do extrato aquoso, do parâmetro analisado e da concentração do extrato. As reduções observadas tanto na germinação como no alongamento da raiz primária foram crescentes com o aumento da concentração do extrato, sendo os efeitos mais intensos observados na concentração de 5%. Independentemente da espécie receptora e do parâmetro analisado, o extrato preparado a partir das cascas do acapu evidenciou maior atividade alelopática inibitória. O alongamento da raiz primária foi o parâmetro mais sensível aos efeitos potencialmente alelopáticos do que a germinação das sementes. Comparativamente, cascas e folhas apresentaram diferenças em relação às classes de substâncias químicas. Nas cascas foram encontradas cumarinas que não estavam presentes nas folhas, as quais, por sua vez, apresentaram esteróides e triterpenóides, que não foram identificados nas cascas do acapu.Aqueous extracts from leaves and bark of "Acapu" plants were prepared in concentration levels of 0, 1, 2, 3 and 5% to identify and characterize potential allelopathic activity of such plants. The extract effects on seed germination and primary root elongation of pasture weeds, such as Mimosa pudica and Urena lobata, were analyzed. The germination bioassays were

  12. Teor de ácido cianídrico na polpa das raízes dos aipins Hydrocyanic acid content in the core of cassava

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araken Soares Pereira

    1960-01-01

    Full Text Available Foram efetuados estudos visando determinar o teor de ácido cianídrico em mandioca. Para isso foram analisadas sete variedades mansas dentre as mais conhecidas, e duas variedades bravas, estudando-se a variação entre variedades, plantas, épocas de colheita e tamanho de raízes. Os resultados obtidos permitem concluir que há grandes diferenças entre o grupo das variedades mansas e o das variedades bravas; dentre aquelas destacaram-se a Vassourinha, a Tatu e a Branca do Pomar, com teores mais elevados. Mesmo assim, tôdas elas poderão ser utilizadas na alimentação humana sem riscos de envenenamento, após cozimento. As diferenças entre plantas, época de colheita e tamanho de raízes não foram estatisticamente significantes, o que permitirá, no futuro, a adoção de sistemas mais simples de amostragem.Studies were made to evaluate the content of hydrocyanic acid in the core of cassava roots. Seven varieties of the sweet cassava group and two varieties of the bitter type were analysed in order to evaluate the differences between plants, size of roots and age of plants. The results obtained point out large differences between the two groups. Among the edible varieties, Vassourinha, Tatu and Branco do Pomar presented a high amount of hydrocyanic acid. Nevertheless they con be safely used as human food, after cooking. Since no statistical differences were found between plants, size of roots and age, the sampling technique will be much easier in the future.

  13. Efeitos potencialmente alelopáticos dos óleos essenciais de Piper hispidinervium C. DC. e Pogostemon heyneanus Benth sobre plantas daninhas Potentially allelopathic effects of the essential oils of Piper hispidinervium C. DC. and Pogostemon heyneanus (Benth on weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Pedro da Silva Souza Filho

    2009-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo caracterizar a atividade potencialmente alelopática de óleos essenciais de pimenta longa (Piper hispidinervium C. DC. e oriza (Pogostemon heyneanus Benth e analisar, comparativamente, seus efeitos alelopáticos. Óleos essenciais obtidos foram preparados em concentrações de 0,25, 0,5 e 1,0%, tendo como eluente o éter metílico, e testados sobre a germinação de sementes, desenvolvimento da radícula e do hipocótilo das plantas daninhas de área de pastagens cultivadas, malícia (Mimosa pudica e mata-pasto (Senna obtusifolia. Os óleos das duas espécies evidenciaram atividade alelopática em intensidades que variaram em função da concentração do óleo, da espécie doadora, da planta receptora e do fator da planta analisado. A germinação das sementes foi o fator mais intensamente inibido pelos óleos. As intensidades das inibições estiveram positivamente associadas à concentração, com inibições máximas verificadas a 1,0%. Malícia foi à espécie receptora mais sensível aos efeitos do óleo. Comparativamente, o óleo essencial da pimenta longa revelou maior potencial para inibir a germinação e o desenvolvimento das duas plantas receptoras, notadamente em relação à germinação de sementes, quando as diferenças foram mais marcantes. Os resultados foram atribuídos à composição química dos óleos, especialmente em relação à presença de monoterpenos, monoterpenos oxigenados e sesquiterpenos.This study aimed to characterize the potential allelopathic activity of essential oils of pimenta longa (Piper hispidinervium C. DC. and oriza (Pogostemon heyneanus Benth, and to examine, comparatively, their allelopathic effects. Essential oils obtained were prepared at concentrations of 0.25%, 0.5% and 1.0%, with ether methanol as eluent, and tested upon the germination of seeds and the development of the radicle and the hypocotyl of the weeds of cultivated grassland areas, malícia (Mimosa

  14. Estimativa da área foliar de plantas de lima ácida 'Tahiti' usando métodos não-destrutivos Leaf area estimative of young 'Tahiti' lime using non-destructive methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Antonio Coelho Filho

    2005-04-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi avaliar métodos não-destrutivos para a determinação da área foliar de plantas jovens de lima ácida 'Tahiti'(Citrus latifolia Tan., em campo. Foram utilizadas informações de variáveis biométricas de 28 plantas jovens (0,07 a 1,44 m² e imagens digitais da área frontal de cada planta (silhueta de copa. Essas variáveis foram correlacionadas com medidas diretas (contagem total de folhas x área foliar média. Como resultado, foi possível estimar a área foliar total das plantas (AFT com base na equação: AFT = 88,936 x DI - 1,4017 (R²=0,75, em que DI representa o diâmetro do caule 5 cm abaixo do ponto em que a copa foi enxertada, e a silhueta da planta em m² (IM: AFT = 2,4951 x IM (R²=0,72. A área foliar dos ramos secundários das plantas (AFR pode ser estimada mediante uma equação exponencial envolvendo o diâmetro do ramo (DR: AFR = 0,0144e277,02 x DR (R²=0,71. Estas metodologias podem ser utilizadas quando o interesse for por um valor médio de área foliar no pomar, não sendo indicadas quando é necessária elevada precisão, pois os erros são elevados.The objective of this study was to evaluate non-destructive methods of estimating total leaf area of young 'Tahiti' lime (Citrus latifolia Tan. plants grown in the field. Information of biometrical variables of 28 young plants (0.07 to 1.44 m² and digitized image of front area of each plant (plant silhouette were used. These variables were correlated to the direct measurements (leaves and average leaf area counting. As a result, it was possible to estimate total plant leaf area (AFT based upon the equation: AFT = 88.936 x DI - 1.4017 (R²=0.75, where DI stands for the trunk diameter taken 5 cm below the graft and the silhouette area in m² (IM: AFT = 2.4951 x IM (R²=0.72. The leaf area of secondary branches (AFR can be estimated by an exponential equation with the branch diameter (DR: AFR = 0.0144e277.02 x DR (R²=0.71. These methodologies can

  15. Manejo da Planta Daninha Brachiaria plantaginea Resistente aos herbicidas Inibidores da ACCase Management of the Weed Brachiaria plantaginea Resistant to ACCase Inhibitor Herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar o manejo de uma população da planta daninha capim-marmelada (Brachiaria plantaginea resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (ariloxifenoxipropionatos e ciclohexanodionas, utilizados na cultura da soja no sistema de plantio direto. Para isso, foram realizados dois experimentos: um utilizando herbicidas de manejo, com mecanismos de ação alternativos, comparando a eficácia destes com os inibidores da ACCase; e outro apenas com herbicidas inibidores da ACCase e aditivos misturados à calda. As sementes resistentes foram produzidas a partir de plantas comprovadamente resistentes; para comparação de resultados, foi utilizada uma população de capim-marmelada que nunca tinha sido pulverizada com inibidores da ACCase, portanto uma população suscetível. O experimento com os herbicidas de manejo foi realizado em condições de campo, porém as plantas ficaram em caixas com capacidade de 50 L, evitando-se a disseminação destas para áreas adjacentes. Concluiu-se que as plantas resistentes não apresentam resistência múltipla com herbicidas de manejo com mecanismos de ação alternativos, podendo os herbicidas glyphosate, paraquat, sulfosate, paraquat + diuron, MSMA e glufosinate ser utilizados no período entressafra das áreas com sistema de plantio direto, para manejo de populações resistentes de capim-marmelada aos herbicidas inibidores da ACCase. O experimento com aditivos foi realizado em casa de vegetação, com plantas em vasos individuais, utilizando sementes das populações suscetíveis e resistentes. Os herbicidas utilizados foram inibidores da ACCase, em cuja calda foram adicionados aditivos nitrogenados, do tipo uréia e sulfato de amônio, além de um tratamento sem aditivos. Concluiu-se que os aditivos não alteraram a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase nas plantas provenientes tanto da população suscetível quanto da resistente.The objective of this research was to

  16. Avaliação da influência da certificação florestal no cumprimento da legislação ambiental em plantações florestais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Maria Basso

    2011-08-01

    Full Text Available Nas últimas décadas tem surgido uma maior preocupação ambiental advinda das mudanças climáticas e dos desmatamentos contínuos das florestas tropicais. Com isso, exigiu-se uma forma de garantir e atestar que os produtos florestais não fossem ilegais (extraídos indevidamente de mata nativa e, um dos instrumentos desenvolvidos para este fim, foi a certificação florestal. No Brasil, ela está presente há mais de uma década, através do FSC (Forest Stewardship Council, uma ONG (Organização Não Governamental que estabeleceu um padrão para a certificação do manejo florestal. Neste tipo de certificação existem princípios, critérios e indicadores a cumprir na unidade de manejo florestal. Assim, este trabalho teve por objetivo verificar a contribuição da certificação florestal no cumprimento da legislação ambiental e florestal nas unidades de manejo florestal de plantações. Buscaram - se os dados nos relatórios públicos das unidades de manejo certificadas de 1996 a 2007. Foram analisados os relatórios da avaliação principal e monitoramento para a identificação e análise das principais não-conformidades do Princípio 1 (Obediência às leis a aos princípios e critérios do FSC. Pelos resultados obtidos, verificou-se que as principais não conformidades estavam relacionadas às legislações ambiental e trabalhista. Estas, em sua maioria, foram referentes à problemas com as Áreas de Preservação Permanente (APP e Reserva Legal (RL. Entretanto, ressalta-se que no processo de certificação é necessário que as não conformidades sejam corrigidas em um prazo estabelecido. Assim, conclui-se que a certificação contribui para o atendimento da legislação nas unidades de manejo florestal de plantações.

  17. Cálculo del balance de energía para higuerilla (Ricinus communis L. desde las etapas de producción en campo hasta el valor energético de cada componente de la planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hipólito Ortíz-Laurel

    2017-01-01

    Full Text Available Introducción : Pruebas de balance de energía permiten redirigir los insumos desde las etapas de producción de un cultivo, e igualmente, precesar la cantidad de energía utilizada para cada proceso y así, verificar la eficiencia al transformar la energía contenida en el cultivo cuando debe cumplir con una función deseada. Método : la planta de higuerilla (Ricinus communis L. con propósitos de cultivo energético fue sembrada en campo y sometida a procesos de mantenimiento de l cultivo y en la cosecha, la planta completa fue colectada para análisis energético, donde cada una de sus partes inclu i das las semillas fueron evaluadas en función de su contenido de energía. Así, para determinar el balance de energía; los valores de la energía biológica de la planta fueron comparados con la energía aplicada en cada uno de los procesos técnicos y físicos para la producción del cult i vo y en su procesamiento . Resultados : La energía aplicada para producir el cultivo r esulta un 28% superior a la energía a obtener de la planta. Asimismo, la biomasa de la planta completa de higuerilla, sin contar las semillas genera el doble de energía comparado con el aceite de las semillas, por lo que, conviene utilizar toda la planta e n términos de energía . Conclusión : Es recomendable utilizar el aceite de las seillas como biomaterial, ya que el b a lance es positivo en un 15%.

  18. Ionic channels in plants: potassium transport Canais iônicos em plantas: o transporte de potássio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Costa de Oliveira

    1995-01-01

    Full Text Available The discovery of potassium channels on the plasma membrane has helped to elucidate important mechanisms in animal and plant physiology. Plant growth and development associated mechanisms, such as germination, leaf movements, stomatal action, ion uptake in roots, phloem transport and nutrient storage are linked to potassium transport. Studies describing potassium transport regulation by abscisic acid (ABA, Ca++, light and other factors are presented here. Also the types of channels that regulate potassium uptake and efflux in the cell, and the interaction of these channels with external signals, are discussed.A descoberta de canais iônicos presentes na membrana plasmática tem ajudado a elucidar importantes mecanismos fisiológicos em animais e plantas. Mecanismos associados ao crescimento e desenvolvimento das plantas, tais como germinação, movimento foliar, abertura e fechamento de estômatos, absorção de íons pelas raízes e armazenamento de nutrientes estão ligados ao transporte de potássio. Estudos descrevendo a regulação do transporte deste nutriente por ácido abscísico (ABA, Ca++, luz e outros fatores são apresentados. Os tipos de canais que regulam a saída e entrada de potássio na célula, e as interações destes com os sinais externos, são discutidos.

  19. Espaçamentos entre plantas e número de fileiras no canteiro na produção de ervilha Spacing between plants and number of rows per plot on the yield of pea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosimeire P Gassi

    2009-12-01

    Full Text Available A ervilha é consumida na forma de grãos verdes ou enlatados, sendo considerada uma opção de produção para atender às novas demandas do mercado, principalmente de produtos supergelados. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o crescimento e a produção da ervilha de grãos verdes 'Luciana nº 50', cultivada sob quatro e cinco fileiras no canteiro e três espaçamentos entre plantas dentro da fileira (5,0; 7,5 e 10,0 cm, em Dourados-MS. Os tratamentos foram arranjados como fatorial 2x3, no delineamento experimental de blocos casualizados, com cinco repetições. A altura das plantas não foi influenciada significativamente pela interação número de fileiras no canteiro e espaçamentos entre plantas nem pelos fatores isoladamente, sendo a média de 105,6 cm. Houve interação significativa para as produções de massas frescas e secas da parte aérea, sendo as maiores (10,49 t ha-1 e 2,31 t ha-1 das plantas cultivadas sob quatro fileiras e 7,5 cm entre plantas e as menores (7,52 t ha-1 e 1,98 t ha-1, respectivamente, daquelas sob cinco fileiras e 5,0 cm entre plantas para massa fresca e quatro fileiras e 10,0 cm entre plantas para massa seca. A produção de vagem comercial obtida sob quatro fileiras de plantas superou em 1,50 t ha-1 àquela sob cinco fileiras (5,74 t ha-1 e a obtida sob 10,0 cm entre plantas foi superior em 2,25 t ha-1 àquela sob 5,0 cm (5,23 t ha-1. A maior produção de grãos tenros comercializáveis (4,27 t ha-1 foi com 10 cm entre plantas, que superou em 1,33 t ha-1 àquela com 5,0 cm entre plantas, que foi a menor. Considerando a produtividade de grãos tenros e a estimativa da renda bruta, conclui-se que a cultivar 'Luciana nº 50' deve ser cultivada com quatro fileiras de plantas no canteiro e sob 10 cm entre plantas.Pea is consumed as green or canned grains, being considered an option of production to take care of the new market demands, mainly of superfrozen products. The growth and the production of

  20. Ecofisiologia de plantas jovens de mogno-africano submetidas a deficit hídrico e reidratação Ecophysiology of young African mahogany plants subjected to water deficit and rewetting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Paulo Ferreira de Albuquerque

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a capacidade de plantas jovens de mogno-africano (Khaya ivorensis em recuperar seu status hídrico e trocas gasosas após período de deficit hídrico. Plantas com aproximadamente 315 dias, irrigadas (controle e não irrigadas, foram avaliadas aos 14 dias da suspensão da irrigação e após um, três e sete dias da retomada da irrigação (reidratação. No dia 14, o potencial hídrico foliar de antemanhã (Ψam das plantas estressadas foi reduzido a -2,66 MPa. Com a restrição hídrica, foram observadas reduções significativas no conteúdo relativo de água na antemanhã (redução de 32%, na taxa de assimilação líquida de CO2 (90%, na condutância estomática (95%, na transpiração (93% e na razão entre concentração intercelular e ambiental de CO2 (37%. Durante a reidratação, o status hídrico das plantas estressadas foi restabelecido após três dias. As trocas gasosas também se restabeleceram, mas de forma mais lenta que o status hídrico. Sob deficit hídrico, a concentração de prolina aumentou e a de carboidratos solúveis totais diminuiu. Plantas jovens de mogno-africano são tolerantes ao deficit hídrico moderado.The objective of this work was to evaluate the capacity of young plants of African mahogany (Khaya ivorensis to recover their water status and gas exchange after water deficit. Plants with approximately 315 days, irrigated (control and non-irrigated, were evaluated after water was withheld for 14 days, and after one, three, and seven days of irrigation resumption (rehydration. On day 14, the predawn leaf water potential (Ψam of stressed plants was reduced to -2.66 MPa. With water deficit, significant decreases were observed in predawn relative water content (32% reduction, in net assimilation rate of CO2 (90%, in stomatal conductance (95%, in transpiration (93%, and in intercellular to ambient ratio of CO2 concentration (37%. During rehydration, the water status of stressed

  1. Transmissão de begomovírus de plantas daninhas para tomateiros pela mosca-branca Begomovirus transmission from weeds to tomato by the whitefly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.K.F. Silva

    2010-01-01

    Full Text Available Dentre numerosas enfermidades do tomateiro (Lycopersicon esculentum, destacam-se as viroses causadas por begomovírus, os quais são transmitidos pelo vetor Bemisia tabaci biótipo B. Na Chapada da Ibiapaba-CE, os begomovírus têm sido encontrados em várias áreas onde o tomateiro é cultivado, causando sérios danos à produção. Este trabalho teve por objetivos investigar a transmissão de begomovírus a partir de tomateiros infectados para plantas daninhas e verificar seu retorno das plantas daninhas para o tomateiro. Mudas sadias de tomateiro 'Santa Clara' e das plantas daninhas bredo-de-espinho (Amaranthus spinosus, caruru-de-mancha (Amaranthus viridis, mentrasto (Ageratum conyzoides e picão-preto (Bidens pilosa foram submetidas à inoculação por dois métodos: com o inseto vetor e por enxertia. Após 15 dias, realizou-se a extração do DNA de amostras foliares dos tomateiros e das espécies daninhas inoculadas. A PCR realizada com oligonucleotídeos degenerados e específicos para begomovírus revelou que na transmissão com o vetor as quatro espécies de plantas daninhas foram infectadas com o begomovírus do tomateiro, enquanto que, por enxertia, apenas o picão-preto foi infectado. O retorno do vírus das plantas daninhas para o tomateiro foi também observado nos dois casos. Percentuais de 70, 50, 20 e 12,5% de transmissão para os tomateiros ocorreram quando o vetor adquiriu o vírus em mentrasto, bredo-de-espinho, picão-preto e caruru-de-mancha, respectivamente. Na enxertia, a transmissão viral para os tomateiros ocorreu apenas quando se empregaram seções de bredo-de-espinho e de picão-preto infectados. As espécies daninhas investigadas demonstraram ser hospedeiras alternativas do begomovírus de tomate da região e, em condiçõs de campo e na presença do vetor, podem constituir importantes fontes do begomovírus para a hortaliça.The viruses caused by begomovirus are considered the most important virus diseases

  2. Plantas usadas por aves en paisajes cafeteros de Nariño, Colombia

    OpenAIRE

    Yulieth Viviana Castillo R.; Jhon Jairo Calderón L.

    2017-01-01

    Las plantas son un importante recurso alimenticio para las aves presentes en los paisajes cafeteros, por lo que la heterogeneidad en las diferentes unidades de estos paisajes, garantizan la disponibilidad de alimento. Conocer este tipo de interacciones entre plantas y aves es importante para la conservación de la biodiversidad en paisajes cafeteros. En esta investigación, se presenta la lista inicial de especies de plantas usadas por las aves de paisajes cafeteros en zonas rurales de los muni...

  3. Nutrient uptake by greenhouse net melonAcúmulo de nutrientes e rendimento de óleo em plantas de girassol influenciados pelo vigor dos aquênios e pela densidade de semeadura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana da Silva Cardoso

    2010-02-01

    Full Text Available For presenting more commercial value, the net melon (Cucumis melo L. var reticulatus Naud. has been an option of greenhouse planting for the horticulturists. This work was carried out in Piracicaba, Brazil with the aim of evaluating the nutrient uptake from this melon cultivated in greenhouse. To obtain the nutrients accumulation in the different stages of the plant development, plants were collected in the transplant day (seedling, in the vegetative stage, in the beginning of the flowering stage, in the beginning and in the middle of fruit production period and in the harvest period. It was verified that the greatest increase of nutrient uptake happened between the beginning of the flowering and the beginning of the fruit production. The greatest dry matter accumulation happened between the beginning of the fruit production and the middle of fruit production period. The decrescent order of nutrients accumulated in the above ground part of the plant was: potassium > nitrogen > calcium > magnesium > sulphur > phosphorus > iron > manganese > zinc > copper ~ boron. O objetivo do trabalho foi avaliar o acúmulo de nutrientes e o rendimento de óleo dos aquênios em plantas de girassol produzidas sob a influência do vigor dos aquênios e da densidade de semeadura. Para isto, foi instalado um experimento no campo experimental no município de Seropédica/RJ, em outubro de 2006, com três distintos lotes de aquênios de girassol cv Embrapa 122 V2000, classificados como de baixo, de médio e de alto vigor, sob duas densidades de semeadura (45.000 e 75.000 sementes ha-1. Aos 20, 60 e 100 dias após a semeadura (DAS, foram coletadas as plantas para avaliação da massa de matéria seca e do acúmulo de nitrogênio, de fósforo, de potássio e de cálcio, no caule, nas folhas e nos capítulos. Nas plantas coletadas aos 100 DAS, foi feita também a avaliação do rendimento de aquênios (kg ha-1, do teor de óleo e do rendimento de óleo (kg ha-1. Observou

  4. Efeito da prevenção de produção de sementes pelas plantas daninhas e da aplicação de herbicida em jato dirigido na densidade de infestação na cultura do milho em anos sucessivos Effect of weed seed production prevention and 10-year herbicide direct spray on weed density in corn during sucessive years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F. Skóra Neto

    2001-04-01

    Full Text Available Um experimento com dez anos de duração foi realizado em Ponta Grossa-PR para avaliar o efeito da prevenção de produção de sementes pelas plantas daninhas e da aplicação de herbicida em jato dirigido na densidade de infestação em plantios direto e convencional. As plantas daninhas predominantes na área foram capim-marmelada (Brachiaria plantaginea, capim-colchão (Digitaria ciliaris, amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla, poaia-branca (Richardia brasiliensis e guanxuma (Sida rhombifolia. O controle da frutificação das plantas daninhas durante dez anos reduziu a densidade das espécies presentes em mais de 99%. A redução foi variável entre as espécies, mas em todas elas foi mais intensa nos primeiros anos. A densidade populacional em anos subseqüentes, quando se permitia a reinfestação da área após o controle inicial das plantas daninhas (testemunha, variou conforme as condições climáticas e culturais. A aplicação de herbicida em jato-dirigido foi uma prática eficiente no controle da frutificação das plantas daninhas suscetíveis aos herbicidas, mas selecionou o capim-colchão quando o controle desta espécie foi insatisfatório. A equação que descreve o comportamento dos tratamentos sem ressemeadura e com jato dirigido foi do tipo exponencial negativa. Os resultados obtidos por meio da densidade de plantas emergidas são confirmados pela avaliação do banco de sementes em cada tratamento.A ten-year corn field experiment was conducted at Ponta Grossa (Parana, Brazil to evaluate the effect of weed seed production prevention and herbicide direct spray on weed density in successive years, under two different tillage treatments (conventional and no-till. The main weeds in the area were Alexandergrass (Brachiaria plantaginea, crabgrass (Digitaria ciliaris, wild poinsettia (Euphorbia heterophylla, pusley (Richardia brasiliensis and arrowleaf sida (Sida rhombifolia. The prevention of weed seed production during ten years

  5. Plantas hipoglicemiantes utilizadas por comunidades tradicionais na Bacia do Alto Paraguai e Vale do Guaporé, Mato Grosso - Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Macedo

    Full Text Available No Brasil, com inúmeras espécies tropicais, evidencia-se o conhecimento e uso da vegetação medicinal pelas comunidades quilombolas, ribeirinhas, rurais, tradicionais e indígenas, que são praticadas até os dias atuais. O Estado de Mato Grosso pela sua localização no Planalto Central brasileiro possui uma variedade destas comunidades, que utilizam estas plantas medicinais, levando em consideração o conhecimento popular passado de geração em geração. Esta pesquisa visa identificar a forma de coleta e os usos desse grupo vegetal indicados pelos usuários. O estudo foi realizado em 15 comunidades tradicionais (não indígenas na Bacia do Alto Paraguai e 2 (duas no Vale do Guaporé. A coleta de dados deu-se através de líderes comunitários, benzedeiras, parteiras e usuários utilizando o método qualitativo, mediante abordagem qualitativa, com auxílio de entrevistas estruturadas, semi-estruturadas e abertas. Dentre as espécies identificadas 17 estacam-se para o tratamento do Diabetes, dentre elas citam-se: Anacadium humile; Bauhinia glabra; Cecropia pachystachya; Hancornia speciosa; Heteropteris aphrodisiaca; Leonotis nepetifolia; Momordica charantia; Solanum lycocarpum. Registra-se ainda que as partes mais utilizadas desses vegetais são: folhas, casca do caule, raiz, planta toda, brotos, óleos dos frutos e polvilho dos frutos. De acordo com os usuários a maioria das plantas não podem ser colhidas após o nascer do sol e o preparo deve ser feito com folhas secas ou que tenham sido submetidas ao processo de secagem sobre o fogão de lenha ou em local abafado.

  6. Efeito da altura de corte das plantas na produtividade de matéria seca e em características bromatológicas da forragem de milho Effect of cutting height of plants on dry matter yield and on bromatologic characteristics of corn forage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ramon Correia de Vasconcelos

    2005-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a produção de matéria seca e a composição bromatológica da forragem de cultivares de milho submetidos a duas alturas de corte das plantas (altura 1 - 0,1 m e altura 2 - 0,8 m em três anos de cultivo no município de Lavras, MG. Os experimentos foram instalados em área experimental do Departamento de Agricultura da Universidade Federal de Lavras (UFLA nas safras agrícolas 1998/1999, 1999/2000 e 2000/2001, empregando-se cinco cultivares de milho no primeiro ano e seis nos anos seguintes. Os experimentos foram conduzidos sob o delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 2 e 6 x 2, sendo cinco ou seis cultivares de milho e duas alturas de corte, com três repetições. Avaliaram-se as características produtividade de matéria seca (MS e teores de proteína bruta (PB, fibra em detergente neutro (FDN e fibra em detergente ácido (FDA na MS. Detectou-se efeito significativo das alturas de corte em todas as características estudadas. Os teores de PB aumentaram e os de FDN e FDA diminuíram com a elevação da altura de corte das plantas. Comparando-se as duas alturas de corte, verificou-se que houve uma redução de 3,3 t.ha-1 na produtividade de MS, um aumento de 0,6% no teor de PB, uma redução de 4,4% no teor de FDN e uma redução de 3,9% no teor de FDA com a elevação da altura de corte de 0,1 para 0,8 m. Os resultados obtidos permitiram concluir que a elevação da altura de corte, embora tenha contribuído para a diminuição da produção de MS, proporcionou uma melhoria na qualidade da forragem em decorrência da parte mais fibrosa e menos digestível da planta de milho não ter sido colhida.This work was conducted with the purpose of evaluating dry matter yield and the chemical nutritive composition of forage of corn cultivars submitted to cutting heights of the plants (height 1 0,1 m, and height 2 0,8 m in three growing years. The experiments were set up in an

  7. Atividade inseticida das plantas e aplicações: revisão Insecticidal activities of plants and applications: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.C.R. Corrêa

    2011-01-01

    Full Text Available A utilização de agrotóxicos tem contribuído para o aumento da produção agrícola, entretanto, o uso incorreto e indiscriminado durante várias décadas levou à acumulação de resíduos tóxicos em alimentos, contaminação da água e do solo, intoxicação de produtores rurais, seleção de pragas resistentes, entre muitos outros problemas. Ultimamente tem crescido o interesse por substâncias que apresentem menor risco à saúde humana e ao ambiente, além da demanda crescente por produtos alimentícios saudáveis e isentos de resíduos de agrotóxicos. Felizmente são inúmeras as plantas que apresentam atividade inseticida, devendo ser estudadas e introduzidas, quando possível, nas propriedades agrícolas como forma alternativa de controle de pragas. Neste trabalho, é apresentada revisão sobre o uso de plantas com propriedades inseticidas e repelentes, evidenciando o potencial dessa ferramenta no manejo de pragas. Para a inserção definitiva e segura de produtos botânicos no mercado, mais estudos ainda são necessários.The use of pesticides has contributed to the increased agricultural production; however, the incorrect and indiscriminate use over several decades has led to the accumulation of toxic residues in food, contamination of water and soil, poisoning of farmers, selection of resistant pests, besides several other problems. Lately, the interest for substances posing lower risk to the human health and the environment has increased, in addition to the increasing demand for healthy food products free from pesticide residues. Fortunately a large number of plants have insecticidal activity and should be studied and introduced, whenever possible, into farms as an alternative means to control pests. In this study, a review of the use of plants with insecticidal or repellent potential is presented, evidencing the potential of this tool in pest management. For a definitive and safe insertion of botanical products into the market

  8. Aspectos microscópicos da interação feijoeiro-Colletotrichum lindemuthianum mediados pelo silício

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Antunes Cruz

    2014-09-01

    Full Text Available A antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum lindemuthianum, é uma das doenças mais destrutivas que afetam a cultura do feijoeiro. Com o objetivo de encontrar alternativas para o controle dessa doença, o presente trabalho investigou, em nível microscópico, o efeito do silício (Si na resistência do feijoeiro à infecção por C. lindemuthianum. Plantas de feijoeiro (cv. Pérola foram cultivadas em solução nutritiva contendo 0 (-Si ou 2 mM (+Si de Si e inoculadas no estádio de crescimento V4 com uma suspensão de conídios de C. lindemuthianum. A severidade da antracnose decresceu cerca de 52% nas folhas