WorldWideScience

Sample records for da teoria variacional

  1. O paradoxo da teoria: interpretando Niklas Luhmann

    OpenAIRE

    Hans-Georg Moeller

    2015-01-01

    RESUMO O artigo discute o papel do paradoxo na teoria social de Niklas Luhmann a partir de uma perspectiva hermenêutica "autológica": uma tentativa de interpretação "ortodoxa" da teoria de Luhmann, incluindo sua teoria do paradoxo, descobrirá que esta teoria não se presta a uma interpretação ortodoxa. Assim, mesmo que o paradoxo da teoria de Luhmann só possa ser compreendido por meio de uma interpretação ortodoxa, os fundamentos mesmos de tal abordagem hermenêutica ortodoxa são desconstruídos...

  2. A teoria da gastrea de Ernst Haeckel

    OpenAIRE

    Guilherme Francisco Santos

    2011-01-01

    O objetivo principal de nosso trabalho é descrever e analisar criticamente o núcleo da teoria da gastrea de Ernst Haeckel. Ele gira em torno de duas noções principais: forma gastrular e metazoário. A teoria da gastrea é um conjunto de formulações que visa estabelecer uma definição de metazoário a partir da noção de forma gastrular. O argumento central da teoria da gastrea articula essas duas noções para organizar a partir de estudos de embriologia comparativa uma visão geral da história evolu...

  3. Estrutura de capital : teoria da agência, teoria da sinalização e teoria do controle

    OpenAIRE

    Carnaúba, Wilson Matias

    2010-01-01

    Trata da discussão teórica sobre estrutura de capital das empresas tratando das teorias tradicionais que concentraram o debate, bem como da teoria da agência, sinalização e controle cujo desenvolvimento é mais recente. O tema é abordado mostrando a evolução da empresa, evidenciando onde se enquadra a questão da estrutura de capital. Também mostra os testes emp1ricos utilizados na sustentação das teorias

  4. O paradoxo da teoria: interpretando Niklas Luhmann

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hans-Georg Moeller

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO O artigo discute o papel do paradoxo na teoria social de Niklas Luhmann a partir de uma perspectiva hermenêutica "autológica": uma tentativa de interpretação "ortodoxa" da teoria de Luhmann, incluindo sua teoria do paradoxo, descobrirá que esta teoria não se presta a uma interpretação ortodoxa. Assim, mesmo que o paradoxo da teoria de Luhmann só possa ser compreendido por meio de uma interpretação ortodoxa, os fundamentos mesmos de tal abordagem hermenêutica ortodoxa são desconstruídos por seus próprios resultados. Com base em uma visada sobre esse paradoxo hermenêutico, o papel fundamental do paradoxo na teoria de Luhmann pode ser apreciado. Para Luhmann, a autoconstrução da sociedade como um sistema complexo de funções de comunicação baseia-se na Paradoxieentfaltung - o desenvolvimento de paradoxos -, que, por sua vez, se fundamenta no "paradoxo fundamental da observação" (die Grundparadoxie des Beobachtens. Assim, a construção social não opera por meio da eliminação de paradoxos, mas por meio do uso deles.

  5. BASES DE UMA TEORIA DO DELITO A PARTIR DA FILOSOFIA DA LINGUAGEM

    OpenAIRE

    Busato, Paulo César; Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR

    2012-01-01

    O presente artigo trata das bases que conduzem à estruturação de uma teoria do delito a partir da filosofia da linguagem. Apresenta-se a estrutura formada pela ação significativa, a liberdade de ação e a teoria da norma, bem como uma composição breve da teoria do delito.

  6. Panorama das teorias da comunicao Communication theories overview

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Bonassi Ribeiro

    2012-01-01

    Full Text Available Francisco Rdiger ao longo do livro As teorias da comunicao constri um panorama crtico sobre algumas teorias da comunicao no campo social e filosfico. O autor transcorre sobre os fundamentos da teoria da comunicao, examina a Escola de Chicago, bem como os paradigmas funcionalista e materialista. Ao chegar Escola de Frankfurt concentra-se mais em Habermas. Por fim, conclui o livro discorrendo sobre o paradigma midiolgico contemporneo e seu impacto na comunicao e na sociedade.Throughout the book As teorias da communicao (the title in English means Communication theories, the author Francisco Rdiger, builds a critic overview about some Communication theories in the social and philosophical fields. The author goes by Communications theory fundaments, examines the Chicago School, as well as the functionalist and materialist paradigms. Once approaching the Frankfurt School he focuses more on Habermas. Finally, he finishes the book discussing the mediologic contemporary paradigm and its impact on Communication and society.

  7. COMO ENTENDER AS PRINCIPAIS TEORIAS DA LE

    OpenAIRE

    Nascimento, Francisco de Assis do; Carvalho, Jander Ramos; Costa, Priscila Márcia de Andrade; Bastos, Rafael Lira Gomes

    2013-01-01

    O presente artigo mostrará algumas das principais teorias de aquisiçãode LE. Desta forma mostraremos como fatores como afetividadee o meio, encontrados nessas teorias podem influenciar no processode aquisição de uma língua estrangeira. Observaremos também quecada teoria observa pontos diferentes do processo de aquisição de L2,uns tendem ao cognitivismo outras ao social, e outras aos aspectos lingüísticos.

  8. A utilização da teoria da aprendizagem significativa no ensino da Enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alana Tamar Oliveira de Sousa

    2015-08-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:sintetizar a produção científica acerca da Teoria da Aprendizagem Significativa no processo de ensino-aprendizagem em Enfermagem.Método:revisão integrativa realizada nas bases de dados MEDLINE, LILACS, SciELO, BDENF e CINAHL, com artigos que abordaram a temática ou aspectos da teoria da aprendizagem significativa de David Ausubel. Fizeram parte da amostra dez artigos, sendo seis escritos no idioma português e quatro no inglês, publicados de 1998 a 2013.Resultados:cinco artigos fizeram alusão à Teoria da Aprendizagem Significativa, quatro citaram Ausubel como autor dessa teoria e apenas dois seguiram a estrutura para a aplicação da teoria completamente. Há escassez de estudos sobre o tema e os que o abordam não o correlacionam com a teoria de Ausubel.Conclusão:faz-se necessário romper com a dicotomia entre teoria e prática e promover a articulação dos conteúdos com a ação, introduzindo o aluno como autor de seu próprio conhecimento.

  9. Historicizando a teoria da atividade: do embate ao debate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Martins Piccolo

    2012-08-01

    Full Text Available O presente artigo busca, mediante um processo de revisão de literatura, investigar analiticamente as origens, fundamentos e a estrutura da teoria da atividade, entendida como uma forma dialética de relação entre o homem e a realidade histórico-concreta, cuja materialidade é capital ao processo formativo do psiquismo humano. Tal teoria deriva-se dos estudos de Vygotsky e é sistematizada em seu aparato conceitual por Leontiev. Além disso, trazemos ao corpo do texto fundamentos acerca das discussões sobre a validade da teoria da atividade e as possíveis fontes epistemológicas e ideológicas das críticas dirigidas a tal aparato conceitual, objetivando transformar tal embate em um debate acalorado, todavia, profundamente comprometido para com uma psicologia crítica e transformadora.

  10. A TEORIA DA POPULAÇÃO EM MARX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nildo Viana

    2006-12-01

    Full Text Available O presente artigo busca resgatar a teoria da populaçãoem Marx. Após observar a contribuição metodológica deMarx para a compreensão da dinâmica populacional esua crítica a Malthus, apresentamos a teoria da populaçãode Marx e encerramos com uma reflexão sobresua atualidade, refutando as críticas endereçadas à suateoria.

  11. Da teoria cognitiva a uma teoria mais dinâmica, cultura e sociocognitiva da metáfora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ulrike Agathe Schröder

    2008-01-01

    Full Text Available

    O artigo aborda a pergunta até que ponto os reparos críticos com relação às afirmações tradicionais da teoria cognitiva da metáfora são superados por tendências atuais que se podem observar na assim chamada segunda geração. Depois de resumidos os pontos principais da crítica, são introduzidas três linhas de pesquisa atuais partindo de uma perspectiva cognitiva: a dinamização da visão tradicional pela focalização de estruturas emergentes e de processamento on-line na teoria da mesclagem (FAUCONNIER; TURNER, 2006, a ênfase da situatividade da metáfora nas abordagens voltadas para a análise do discurso (CAMERON; DEIGNAN, 2006; STEEN, 2004, e a inclusão de variedade cultural em pesquisas sobre a metáfora (KÖVECSES, 2005. Será mostrado que cada uma dessas linhas de pesquisa destaca um lado específico do triângulo linguagem – cognição – cultura e até que ponto a respectiva teoria introduz novos impulsos para a teoria cognitiva da metáfora.

  12. A teoria fundamentada nos dados como abordagem da pesquisa interpretativa

    OpenAIRE

    Cassiani, Silvia Helena De Bortoli; Caliri,Maria Helena Larcher; Pelá,Nilza Teresa Rotter

    1996-01-01

    Pesquisa interpretativa envolve os estudos da linha qualitativa e a pesquisa indutiva. Na classificação apresentada por LOWENBERG (1994) a teoria fundamentada nos dados é um tipo de pesquisa interpretativa situada como uma variante dentro do interacionismo simbólico. Face à pouca utilização desta metodologia nos estudos nacionais, este estudo teve por objetivo tratar da teoria fundamentada nos dados, enquanto referencial metodológico, apresentando e indicando seu método. As seguintes etapas f...

  13. Teorias sobre o amor no campo da Psicologia Social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscilla de Oliveira Martins-Silva

    Full Text Available Este é um ensaio teórico sobre o fenômeno amor em relacionamentos românticos no campo da Psicologia e no da Psicologia social. São apresentadas as primeiras teorias sobre o amor na Psicologia, e, posteriormente, são abordadas em maior profundidade três teorias da Psicologia social: os estilos de amor de John Alan Lee, a teoria de apego, de Phillip Shaver, Cindy Hazan e Donna Bradshaw, e a teoria triangular do amor, de Robert J. Sternberg. São apresentados os aspectos teóricos, empíricos e metodológicos de cada teoria, e sua análise permitiu observar que o amor é um fenômeno complexo e detectar a presença de divergências teóricas e metodológicas. A complexidade é observada na diversidade teórica e nos resultados de pesquisas encontrados. Teoricamente, foi registrada divergência na forma como o amor é concebido; metodologicamente, houve o predomínio de abordagens quantitativas, com a presença de diferentes escalas. Identifica-se que algumas questões precisam ser mais bem investigadas, assim como os instrumentos de medidas adotados. Nota-se, assim, que essa área de estudo ainda está em processo de evolução e que a realização de mais pesquisas pode contribuir para o desenvolvimento do campo. Ao final, sugere-se o estudo da interação da cultura via crenças e valores na vivência do amor e maior utilização de abordagens qualitativas.

  14. APLICABILIDADE DA TEORIA DO CAOS A ORGANIZAÇÕES

    OpenAIRE

    Ernesto José Vieira; Henrique Cordeiro Martins; Carlos Alberto Gonçalves

    2015-01-01

    Objetivou-se compreender os fundamentos da Teoria do Caos na gestão das empresas e a existência de elementos típicos dessa teoria nos processos de planejamento, e variáveis controláveis que previnam o caos de ruptura. Além disso, foi também investigado se visão, missão e objetivos corporativos consistem em atratores que evitem a instalação do caos de ruptura; e variáveis e faixas de controle utilizadas pelos dirigentes para evitar o caos de ruptura. A metodologia qualitativa empregou estudo e...

  15. Teoria da firma: comportamento dos administradores, custos de agência e estrutura de propriedade

    OpenAIRE

    Jensen, Michael C.; Meckling,William H.

    2008-01-01

    Este artigo integra elementos da teoria da agência, da teoria dos direitos de propriedade e da teoria das finanças para desenvolver uma teoria da estrutura de propriedade da firma. Definimos o conceito de custos de agência, demonstramos a sua relação com a questão da "separação e controle", investigamos a natureza dos custos de agência resultantes da presença de capital de terceiros e capital próprio externo, demonstramos quem arca com esses custos e por quê, e investigamos o ótimo de Pareto ...

  16. Teorias da Firma como Fundamento para Formulação de Teorias Contábeis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Glauber Cavalcante dos Santos

    2015-01-01

    Full Text Available Este artigo desenvolve ensaio acerca da extensão conceitualderivada da teoria da Firma e seu relacionamento com teoriascontábeis vigentes, sumarizando as principais correntes quebuscam explicar a firma, procurando estabelecer relacionamentocom mudanças de rumo no objeto e objetivo da contabilidade,expressos pela pesquisa contábil atual. Argumenta-se queo conceito vigente de “firma” acaba direcionando a lógicainformacional arraigada à contabilidade, por meio das acepçõesabsorvidas pela teoria Contábil. O fulcro das ponderaçõesconsidera o objeto da teoria contábil (registro e divulgação deagregados econômicos direcionado aos usuários da informaçãocontábil. A discussão é subsidiada pelas abordagens da teoriaNeoclássica da Firma, da teoria contratual da firma e da NovaEconomia Institucional (NEI, com enfoques em custos detransação, direitos de propriedade e custos de mensuração.Conceitos de economia de empresas direcionam a lógica conceitualvigente à teoria Contábil, com o sentido precípuo de fornecerinformações eficientes aos stakeholders. Observa-se que a teoria daContabilidade tem seus pilares fincados na teoria neoclássica dafirma; e que através da teoria Contratual da Firma, que discute omonitoramento de agentes e de contratos, ela ultrapassa a limitadavisão de função do controle patrimonial (stewardship, ampliandoo foco do fornecimento de informações, além da função restritade accountability. E, por fim, que, embora nem todos os elementosda nova economia institucional sejam apreendidos pela teoriaContábil, a NEI detém elementos de suma importância àconsolidação das teorias contábeis quanto à sua institucionalização.

  17. Uma análise da teoria dos arquivos

    OpenAIRE

    Ana Marcia Lutterbach Rodrigues

    2004-01-01

    Estudo da teoria dos arquivos, baseado em sua literatura, com o objetivo de identificação dos fundamentos da arquivologia e de encontrar neste campo de estudo a possibilidade de maior cientificidade nos seus desenvolvimentos. O estudo é feito através da análise comparativa dos principais conceitos conforme enunciados pelos autores da área. Destacam-se as noções que se mostram como indispensáveis para a definição de arquivo e apresenta-se uma formulação para o conceito, procurando incorporar t...

  18. A Teoria da Consciência de David Chalmers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João de Fernandes Teixeira

    1997-01-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo apresentar e discutir a teoria da consciência elaborada pelo filósofo David Chalmers no seu livro The Conscious Mind, publicado em 1996. O artigo é dividido em duas partes. A primeira expõe os principais delineamentos da teoria de Chalmers; a segunda discute seus principais conceitos, abordando a plausibilidade metafísica da existência dos "zumbis" e a idéia de superveniência.The paper focuses on Chalmer´s theory of consciousness as it is presented in his most recent book, The Conscious Mind, published in 1996. The first part is devoted to a presentation of the main outlines of Chalmer´s theory. The second part discusses such a theory by focusing on the metaphysical plausibility of the existence of zombies as well as on the notion of supervenience.

  19. Uma teoria do abuso da História

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antoon De Baets

    2013-01-01

    Full Text Available Este ensaio pretende esboçar uma teoria coerente sobre o abuso e o uso irresponsável da história. Ainda não existe de forma acabada uma teoria como essa, com a qual historiadores possam identificar, provar, explicar e avaliar abusos da história. O texto começa com uma discussão sobre a delimitação do problema, ou seja, como distinguir uma história irresponsável e abusiva, de um lado, de uma história perigosa, não científica, incompetente, nociva e desprovida de sentido, de outro. Em seguida, define-se o abuso da história como a sua utilização com o intuito de ludibriar, e o conceito mais amplo de uso irresponsável da história como o seu uso negligente ou enganador. Finalmente, vários desdobramentos da teoria serão desenvolvidos, desde uma tipologia dos abusos e dos usos irresponsáveis, questões relativas a sua evidência, explicação e avaliação, até medidas para sua prevenção.

  20. Teoria da Mente: diferentes abordagens Theory of Mind: different approaches

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela Inchausti de Jou

    1999-01-01

    Full Text Available A capacidade de compreender os estados mentais (i.e. sentimentos, desejos, crenças e intenções dos outros e de si mesmo é uma das características sociais do ser humano. Quando essa habilidade emerge e como se desenvolve são aspectos que têm sido pesquisados por psicólogos desenvolvimentistas e cognitivistas sob o nome de Teoria da Mente das crianças. Nesse trabalho, procura-se relacionar os diferentes enfoques teóricos acerca da natureza, gênese e desenvolvimento da teoria da mente com os achados empíricos e as metodologias empregadas. Questões referentes à idade em que os pesquisadores entendem que emerge uma teoria da mente nas crianças e a necessidade de desenvolver uma visão que englobe os diferentes níveis de compreensão que elas têm da mente, à luz das teorias existentes, são discutidas.The ability to understand mental states (feelings, desires, beliefs, and intentions is a characteristic of human beings. In the last few years, several studies have been carried out to understand the development of children’s ability to interpret others’ behavior or of what has been named children's theory of mind. In this paper we discuss the relationship among theoretical approaches to theory of mind, empirical findings and methodology. Two issues are discussed: the age children’s theory of mind emerges and the need to develop an approach which will allow for the inclusion of different levels of children’s understanding of mind in the light of current theories.

  1. APLICABILIDADE DA TEORIA DO CAOS A ORGANIZAÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ernesto José Vieira

    2015-01-01

    Full Text Available Objetivou-se compreender os fundamentos da Teoria do Caos na gestão das empresas e a existência de elementos típicos dessa teoria nos processos de planejamento, e variáveis controláveis que previnam o caos de ruptura. Além disso, foi também investigado se visão, missão e objetivos corporativos consistem em atratores que evitem a instalação do caos de ruptura; e variáveis e faixas de controle utilizadas pelos dirigentes para evitar o caos de ruptura. A metodologia qualitativa empregou estudo exploratório, para identificar as variáveis e faixas de controle empregadas. Estudaram-se dez empresas da Grande Belo Horizonte. Os resultados validaram as proposições teóricas iniciais, indicando a possibilidade da utilização dos conceitos da Teoria do Caos em mercados altamente competitivos.

  2. Teoria da percepção no behaviorismo radical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Lopes

    Full Text Available A percepção é explicada por Skinner através do conceito de comportamento perceptivo - um comportamento complexo que se inter-relaciona com muitos outros. O estudo da percepção na teoria skinneriana pode ser dividido em duas etapas: estudo do comportamento perceptivo como precorrente e estudo dos precorrentes do comportamento perceptivo. No primeiro caso, a investigação passa pelo processo de resolução de problemas, no qual o comportamento perceptivo desempenha um papel fundamental modificando o ambiente, o que permite a emissão do comportamento discriminativo e a solução do problema. No segundo caso, a investigação trata com uma série de outros comportamentos, tais como, propósito, atenção, e consciência, que modificam a probabilidade de emissão do comportamento perceptivo. A análise das relações entre o comportamento perceptivo e demais comportamentos culmina no esboço de uma teoria da percepção no behaviorismo radical, que é mais convincente do que explicações mentalistas que fazem uso da "teoria da cópia".

  3. HUME: DA TEORIA DOS SIGNOS À GRAMÁTICA GERAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Paulo Pimenta

    2017-06-01

    Full Text Available Trata-se de examinar as relações entre pensamento e linguagem em Hume, de modo a situar a importância da gramática geral no quadro das ciências da natureza humana delineado no Tratado. Se Hume não tem uma filosofia da linguagem, é certo que ele delineia uma teoria dos signos, cuja reconstituição ilumina também as relações entre gramática, lógica e crítica.

  4. Gestão do conhecimento e teoria da firma

    OpenAIRE

    Antonio Braz de Oliveira e Silva; Ferreira, Marta Araújo Tavares

    2009-01-01

    Para uma melhor compreensão da importância da gestão do conhecimento para as empresas, é necessário que se retorne à teoria da firma. As firmas se organizam em estruturas que visam diminuir os custos de obter e trocar informações. Esse artigo discute os impactos das tecnologias de informação (TICs) sobre as firmas. As TICs, por facilitarem a troca de informações entre empresas, afetam os seus limites, abrindo novos campos para a gestão do conhecimento.

  5. Teoria da Resposta ao Item Teoria de la respuesta al item Item response theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eutalia Aparecida Candido de Araujo

    2009-12-01

    Full Text Available A preocupação com medidas de traços psicológicos é antiga, sendo que muitos estudos e propostas de métodos foram desenvolvidos no sentido de alcançar este objetivo. Entre os trabalhos propostos, destaca-se a Teoria da Resposta ao Item (TRI que, a princípio, veio completar limitações da Teoria Clássica de Medidas, empregada em larga escala até hoje na medida de traços psicológicos. O ponto principal da TRI é que ela leva em consideração o item particularmente, sem relevar os escores totais; portanto, as conclusões não dependem apenas do teste ou questionário, mas de cada item que o compõe. Este artigo propõe-se a apresentar esta Teoria que revolucionou a teoria de medidas.La preocupación con las medidas de los rasgos psicológicos es antigua y muchos estudios y propuestas de métodos fueron desarrollados para lograr este objetivo. Entre estas propuestas de trabajo se incluye la Teoría de la Respuesta al Ítem (TRI que, en principio, vino a completar las limitaciones de la Teoría Clásica de los Tests, ampliamente utilizada hasta hoy en la medida de los rasgos psicológicos. El punto principal de la TRI es que se tiene en cuenta el punto concreto, sin relevar las puntuaciones totales; por lo tanto, los resultados no sólo dependen de la prueba o cuestionario, sino que de cada ítem que lo compone. En este artículo se propone presentar la Teoría que revolucionó la teoría de medidas.The concern with measures of psychological traits is old and many studies and proposals of methods were developed to achieve this goal. Among these proposed methods highlights the Item Response Theory (IRT that, in principle, came to complete limitations of the Classical Test Theory, which is widely used until nowadays in the measurement of psychological traits. The main point of IRT is that it takes into account the item in particular, not relieving the total scores; therefore, the findings do not only depend on the test or questionnaire

  6. Teoria da Agência e o Controle Social da Gestão Pública

    OpenAIRE

    Pinto, Daniely Wasilewski; Kozikowski, Heitor Pacheco; Pillati, Janinie Jurich; Chelski, Willian; Samaha, Michel Jorge

    2014-01-01

    RESUMO O presente artigo procura analisar a aplicabilidade da teoria da agência naquilo que, modernamente, se convencionou chamar de controle social da administração pública. Para atingir tal objetivo, foi utilizada uma pesquisa bibliográfica. Concluiu-se que, para a gestão pública, a sociedade seleciona um “agente” representante de seus interesses. E, assim procedendo, ela se caracteriza como agente “principal”. Essa interação é estudada pela Teoria da Agência que, por sua vez, evidencia tam...

  7. DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL À LUZ DA TEORIA DA JUSTIÇA COMO EQUIDADE

    OpenAIRE

    Vargas Neto, Sebastião Domingues

    2009-01-01

    Esta dissertação dedica-se ao exame teórico do desenvolvimento sustentável à luz da teoria da justiça como equidade, de John Rawls. O problema de pesquisa tem caráter teórico e reside na análise do desenvolvimento sustentável (precipuamente resultante do Relatório Brundtland), destacado em seu aspecto social e implicações político-jurídicas e jusfilosóficas, à luz da teoria da justiça como equidade, investigando-se, em eixo que relaciona teoria da justiça, justiça social e l...

  8. A descoberta da contingência pela teoria social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franz Josef Brüseke

    2002-12-01

    Full Text Available Historicamente, a contingência é pensada por Aristóteles, pela primeira vez, no seu texto peri hermeneias onde o filósofo introduz o conceito endechómenon, traduzido mais tarde como contingência. A descoberta da contingência reflete um novo estado de espírito nas obras de Weber, Parsons e Luhmann como na filosofia ocidental em Husserl, Heidegger, Camus, Sartre e outros, que se dão conta da dramaticidade das relações e fenômenos contingentes. Apesar da longa tradição da consciência da contingência no pensamento ocidental, é o advento do "pós-modernismo", relativamente tarde, que marca sua saída da latência. Autores como Lyotard, Maffesoli e Bauman exploram a descoberta da contingência no campo da teoria social e mostram que o mundo é necessariamente como é mas, também, poderia ser diferente. Nossa hipótese é que o caráter altamente contingente da técnica moderna, na medida em que esta penetra cada vez mais a sociedade contemporânea, afeta decisivamente o homem e seu modo de viver no mundo; desta maneira o problema da contingência ganha relevância sociológica.

  9. Ensaio Sobre a Teoria da Divulgação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Meirelles Salotti

    2005-01-01

    Full Text Available O presente ensaio baseia-se no paper de Verrecchia (2001 e tem como objetivo apresentar e discutir os modelos analíticos desenvolvidos a partir da metodologia positiva por pesquisas relacionadas à Teoria da Divulgação. Inicialmente, tais pesquisas são classificadas em três categorias: baseadas em associação, julgamento e eficiência. Para cada categoria de pesquisa, demonstramse relações matemáticas que procuram representar o fenômeno da divulgação e das variáveis relacionadas a este fenômeno. Além disso, a Teoria dos Jogos é apresentada como uma outra abordagem possível para a modelagem do processo de divulgação. Espera-se que tais modelos sirvam como base teórica de sustentação para o desenvolvimento de hipóteses e a elaboração de pesquisas as quais objetivem a verificação empírica dessas hipóteses e, por conseqüência, a partir de tais evidências, a capacitação desses modelos na representação da realidade do processo de divulgação.

  10. A teoria sociológica contemporânea: da superdeterminação pela teoria à historicidade

    OpenAIRE

    2010-01-01

    Ao se situar no campo da metateoria, o presente trabalho tem por objetivo discutir uma das principais premissas que está subjacente à sociologia contemporânea: a historicidade. Contrapondo-se à teoria sociológica desenvolvida entre as décadas de 1940 e 1970, as "novas sociologias" têm procurado ultrapassar um pressuposto epistemológico daquele período - a superdeterminação pela teoria. Nesse esforço, têm outorgado à ideia de historicidade uma posição central no entendimento da ação humana. Co...

  11. Desengajamento moral na perspectiva da teoria social cognitiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Gurgel Azzi

    Full Text Available O ensaio aborda o desengajamento moral descrito pela perspectiva da teoria social cognitiva de Albert Bandura. Toma-se como interlocução central os artigos do autor sobre o tema, sistematizam-se suas ideias e apresentam-se estudos da literatura sobre desengajamento moral. O texto está estruturado em cinco partes, iniciando por uma breve contextualização do tópico no conjunto da produção de Bandura, seguida de exposição do desengajamento moral e da teoria social cognitiva. Posteriormente, apresenta os oito mecanismos de desengajamento moral desenvolvidos por Bandura: justificativa moral, comparação vantajosa, linguagem eufemística, minimização, ignorância ou distorção das consequências, desumanização, atribuição de culpa, deslocamento de responsabilidade e difusão de responsabilidade. Após a apresentação dos mecanismos, introduzem-se os dez trabalhos mais recentes do autor sobre o assunto, textos publicados entre 2000 e 2009, e que foram apresentados sob as seguintes categorias temáticas: questões teóricoempíricas, execução penal, terrorismo, ecologia e mundo coorporativo. Ao final, problematiza desafios, postos a partir da discussão desenvolvida no ensaio, que possam servir para a construção de uma sociedade mais humanizada.

  12. Influências de Teorias Econômicas na Teoria Contábil: o caso da Função-Objetivo da Firma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lineker Costa Passos

    2016-01-01

    Full Text Available Este ensaio tem por objetivo estabelecer a relação entre os preceitos teóricos contábeis que orientam os procedimentos de divulgação contábil para seus públicos de interesse, tanto internos quanto externos, com as duas principais correntes teóricas que tratam da função-objetivo da firma: a teoria dos Shareholders e a teoria dos Stakeholders. Na perspectiva da teoria dos Shareholders, a firma deve definir um objetivo único, que é o de maximizar a riqueza dos acionistas. No contexto da teoria dos Stakeholders, a firma deve estabelecer um objetivo múltiplo, qual seja o de atender aos interesses de todos os envolvidos com suas atividades. Discute-se em que medida teorias, padrões e práticas contábeis emanam de conceitos dos dois modelos, principalmente no que se refere à demanda pelos usuários de informações úteis e relevantes. Há predomínio da teoria dos Shareholders em influenciar preceitos contábeis que direcionam a divulgação de informações, embora já se discutam e se apresentem relatórios contábeis distintos, orientados para Stakeholders da firma, sem que tenha sido estabelecido conjunto de conceitos que os expliquem e justifiquem no âmbito da teoria Contábil. Adicionalmente, argumenta-se que ambas as correntes da teoria Econômica apontam, ao cabo e ao termo, para a mesma direção: buscar o bem-estar dos stakeholders da firma. A pesquisa contribui para a literatura contábil, no sentido de clarificar os impactos advindos dos dois modelos econômicos que tratam da função-objetivo da firma na evolução da teoria Contábil, ainda não captados diretamente na discussão dos fundamentos da teoria Contábil.

  13. Conhecendo os caminhos da teoria crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia do Nascimento V. Antunes

    2000-01-01

    Full Text Available Buscando produzir subsídios para o debate na área da Educação em Saúde, este documento traz uma síntese histórica sobre a Escola de Frankfurt e apresenta o conteúdo da Teoria Crítica por ela produzida, resgatando elementos das obras de seus mais expressivos membros: Horkheimer, Adorno, Marcuse, Benjamin e Habermas. Aiming to support a discussion on education in health, this paper brings a concise view on the history of the Frankfurt School and shows an introduction to the "Critical Theory" highlighting some aspects of the significant contribution to this school of thought by Horkheimer, Adorno, Marcuse, Benjamin and Habermas.

  14. Empreendimentos imobiliarios com permuta: avaliacao pela abordagem da teoria das opcoes reais (TOR)

    National Research Council Canada - National Science Library

    Goulart Serra, Ricardo; Martelanc, Roy; Ferreira de Sousa, Almir

    2012-01-01

    .... A abordagem pela teoria das opcoes reais (TOR) supre essa deficiencia. Este artigo avalia um empreendimento imobiliario com permuta com flexibilidade de adiamento e constata que o valor obtido atraves da abordagem da TOR foi 22,6...

  15. A teoria da justiça de Schopenhauer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flamarion Caldeira Ramos

    2012-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1677-2954.2012v11nesp1p173 A teoria schopenhaueriana da justiça se estabelece de forma negativa: a noção de injustiça é primitiva e positiva, e a de justiça é secundária e negativa. A injustiça é a invasão no domínio onde se afirma a vontade do outro: uma ação injusta é aquela que consiste na destruição ou ferimento do corpo do outro, ou então na redução das forças desse corpo ao seu próprio serviço. O objetivo da legislação estatal é, assim, apenas evitar a injustiça e não realizar a justiça. O Estado é uma instituição protetora, necessária devido aos ataques múltiplos aos quais o homem é exposto e dos quais ele não pode se defender senão por uma aliança com os outros. Schopenhauer ainda critica a visão daqueles que consideram o Estado como o propósito máximo da existência humana e a condição da liberdade e da moralidade. Trata-se de uma concepção de Estado “ultramínimo” cuja base é um certo pessimismo antropológico, já que “a necessidade do Estado repousa, em última instância, na reconhecida injustiça do gênero humano, sem o que não se teria pensado jamais num Estado” (P II, § 123. O objetivo do presente artigo é investigar as bases e as consequências da teoria da justiça de Schopenhauer e ver como essa visão se sai diante do debate contemporâneo sobre a justiça.

  16. Utilidade e significância social da teoria do alcance de metas de king

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inácia Sátiro Xavier de França

    2002-02-01

    Full Text Available Esta pesquisa enfocou o modelo de análise de teorias de Meleis, a Teoria do Alcance de Objetivos (King, 1981 e um estudo realizado por Silveira, objetivando analisar a utilidade e significância social da Teoria de King. Realizamos uma leitura compreensiva da Teoria de King e do modelo proposto por Meleis. Recortamos, desse modelo, o segmento "Crítica de teoria" para servir de suporte analítico. Selecionamos o estudo "Estar despido na unidade de terapia intensiva: duas percepções e um encontro" (Silveira, 1996, cujo marco teórico é a teoria supracitada. Da análise crítica, apoiada na inter-relação desses construtos, concluímos que: a teoria de King é útil à pesquisa por possibilitar a percepção e a interpretação dos dados objetivo-subjetivos da realidade concreta. Sua significância social tem relação com a aplicação da teoria por representantes dos vários segmentos sociais, viabilizando a re-socialização de pessoas e grupos em prol de um mundo mais humano, solidário, cidadão.

  17. A teoria crítica da modernidade de Jürgen Habermas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Adriano Lubenow

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo do artigo é elucidar os argumentos centrais da teoria da modernidade de Habermas. Em vez de abandoná-lo, Habermas procura reconstruir o projeto de emancipação moderno através da reconstrução dos fundamentos da racionalidade da ação e da racionalização social moderna a partir: da reconstrução da explicação e superação crítica das interpretações unilaterais e funcionalistas de Max Weber e Talcott Parsons, e da fundamentação de uma teoria da racionalidade comunicativa capaz de se desvencilhar dos pressupostos subjetivistas e individualistas teoria social moderna.

  18. A aplicação da teoria da cegueira deliberada no direito penal brasileiro

    OpenAIRE

    Gehr, Amanda

    2013-01-01

    Resumo: A teoria da cegueira deliberada, de origem inglesa, busca solucionar os casos em que o agente, ignorando de forma deliberada dados penalmente relevantes à sua conduta, provoca a realização de um resultado ilícito. A teoria vem sendo aplicada em diversos ordenamentos jurídicos, especialmente nos Estados Unidos e na Espanha, contudo não se verifica uma uniformidade nas teses e decisões. Não há, aliás, consenso sequer em relação ao conceito de cegueira deliberada. Para efeitos deste trab...

  19. Teoria da motivação humana na filosofia natural de Hobbe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Leivas

    2007-01-01

    Full Text Available Compreender de forma clara e sucinta como a teoria da sensação de Hobbes articula e engendra sua teoria da motivação, essa constituída pelas afecções (paixões, deliberação, vontade e ação, é o que pretendemos com o presente estudo.

  20. TEORIA DA CONTABILIDADE: EVOLUÇÃO E TENDÊNCIAS

    OpenAIRE

    De Iudícibus,Sérgio

    2012-01-01

    ResumoO presente artigo analisa aspectos relevantes relacionados à teoria da contabilidade, destacando importantes aspectos da pesquisa em contabilidade, e sua relevância para o desenvolvimento da contabilidade e da profissão. Desenvolvido na forma de um ensaio teórico, o texto destaca as obras de maior influência na teoria e prática da contabilidade, bem como enfatiza a importância de pesquisadores nacionais e estrangeiros no desenvolvimento da ciência contábil. Além de recomendar novas abor...

  1. Instrumento mensurador de adesao para hipertensos: contribuicao da Teoria da Resposta ao Item

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malvina Thais Pacheco Rodrigues

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar instrumento de medição da adesão ao tratamento da hipertensão por meio da "Teoria da Resposta ao Item". MÉTODOS: Estudo analítico com 406 hipertensos com complicações associadas, atendidos na atenção básica em Fortaleza, CE, 2011, pela "Teoria da Resposta ao Item". As etapas de execução foram: teste de dimensionalidade, calibração dos itens; tratamento dos dados e construção da escala, analisadas com base no modelo de resposta gradual. Estudo da dimensionalidade do instrumento foi feito pela análise da matriz de correlação policórica e análise fatorial de informação completa. Utilizou-se o software Multilog para calibração dos itens e estimação dos escores. RESULTADOS: Os itens referentes ao tratamento medicamentoso foram os mais diretamente relacionados à adesão, enquanto aqueles referentes ao tratamento não medicamentoso precisam ser reformulados, pois possuíram menor quantidade de informação psicométrica e baixa discriminação. A independência dos itens, o reduzido número de níveis da escala e as baixas variâncias explicadas no ajuste dos modelos mostraram as principais fragilidades do instrumento analisado. A "Teoria da Resposta ao Item" mostrou-se relevante para análise, pois avaliou o respondente quanto à adesão ao tratamento da hipertensão, ao nível de dificuldade dos itens e à sua capacidade de discriminação entre indivíduos com diferentes níveis de adesão, o que gerou maior quantidade de informação. CONCLUSÕES: O instrumento analisado é limitado para medir a adesão ao tratamento da hipertensão, mediante análise pela "Teoria da Resposta ao Item", e necessita de ajustes. A adequada formulação dos itens é importante para medir precisamente o traço latente desejado.

  2. Avanços na psicometria: da Teoria Clássica dos Testes à Teoria de Resposta ao Item

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laisa Marcorela Andreoli Sartes

    2013-01-01

    Full Text Available No século XX, o desenvolvimento e avaliação das propriedades psicométricas dos testes se embasou principalmente na Teoria Clássica dos Testes (TCT. Muitos testes são longos e redundantes, com medidas influenciáveis pelas características da amostra dos indivíduos avaliados durante seu desenvolvimento, sendo algumas destas limitações consequências do uso da TCT. A Teoria de Resposta ao Item (TRI surgiu como uma possível solução para algumas limitações da TCT, melhorando a qualidade da avaliação da estrutura dos testes. Neste texto comparamos criticamente as características da TCT e da TRI como métodos para avaliação das propriedades psicométricas dos testes. São discutidas as vantagens e limitações de cada método.

  3. Aplicabilidade da CIPE® fundamentada na teoria da modelagem e modelagem de papel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manuela de Mendonça Figueirêdo Coelho

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar a proposta de plano educativo organizado por meio do processo de enfermagem, utilizando a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®, fundamentada pela Teoria da Modelagem e Modelagem de Papel, a um grupo de mulheres em Maracanaú-CE, Brasil. Trata-se de um estudo de caso realizado em grupo educativo de mulheres. A abordagem qualitativa conduziu a produção dos dados guiados pelo Método Criativo e Sensível. Dois diagnósticos centrais emergiram das necessidades apresentadas pelo grupo: saúde comprometida e conhecimento adequado, assim como formulação de resultados e intervenções de enfermagem. O estudo aponta a possibilidade de aplicação do processo de enfermagem apoiado pela CIPE® e ações educativas baseadas na Teoria da Modelagem e Modelagem de Papel.

  4. APLICABILIDADE DA TEORIA DO CAOS A ORGANIZAÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VIEIRA, Ernesto Jose

    2014-10-01

    Full Text Available This study seeks to verify if there are typical elements in Chaos Theory in organizations as well as to verify if vision, mission, and objectives consist of attractors which prevent the installation of bifurcation or chaos rupture. In order to respond to these questions, it was necessary to include in this study general in addition to specific objectives. As a support a theoretical reference on Chaos Theory was developed. This theory presents a system with order within an apparently random system with patterns - behaviors which occur more than once, through time. The qualitative methodology utilized exploratory study. Ten companies within Metropolitan Belo Horizonte were studied. The results validated the initial theoretical propositions. En este trabajo se trata de determinar si existen elementos típicos de la teoría del caos en las organizaciones, así como la visión, misión y objetivos consisten en atractores que impiden bifurcación o punto de ruptura instalar. Para responder a estas preguntas, se hizo necesario incluir en este estudio un objetivo general más allá específico.Como apoyo desarrollado un marco teórico sobre la Teoría del Caos.Esta teoría se presenta un sistema con un orden aparentemente aleatoria con las normas - comportamentos que ocurre más de una vez en el tiempo. Entonces-se dirigió a la metodología que se clasifica como cualitativa, a través de un estudio exploratorio para evaluar diez empresas de Gran Belo Horizonte. Se analizaron los datos obtenidos de entrevistas cuando se llegó a la conclusión de que los resultados observados validan las declaraciones iniciales. Este trabalho procura verificar se existem elementos típicos da Teoria do Caos em organizações, assim como se a visão, missão e objetivos consistem em atratores que evitam que a bifurcação ou ponto de ruptura se instale. Para responder à estas perguntas, tornou-se necessário incluir nesta pesquisa um objetivo geral além dos espec

  5. O problema da desigualdade social na teoria da sociedade de Niklas Luhmann

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Dutra Torres Junior

    Full Text Available A teoria da sociedade de Niklas Luhmann é frequentemente acusada de conservadorismo, visto que negligencia a relevância das estruturas de desigualdade na sociedade moderna. Este artigo propõe uma leitura alternativa dessa teoria, a qual implica uma reconsideração do papel das estruturas de desigualdade para a reprodução dos sistemas sociais. O argumento principal é que as estruturas de desigualdade orientam o modo pelo qual os sistemas sociais selecionam os indivíduos para suas operações. Ao mesmo tempo, é feita uma defesa da tese luhmanniana sobre o primado da diferenciação funcional, pois, enquanto as estruturas de desigualdade podem variar, assumindo formas contingentes, cuja transformação não representa a transformação da sociedade, a diferenciação funcional, ao contrário, representa a própria identidade da sociedade, permanecendo como uma dimensão invariável e necessária nos horizontes de sentido da modernidade.

  6. As implicações filosóficas da teoria da Gestalt

    OpenAIRE

    Jonas Fornitano Cholfe

    2009-01-01

    A Teoria da Gestalt, cujos fundamentos são erigidos no intercâmbio entre as idéias de Köhler, Koffka e Wertheimer, tem como objetivo principal o restabelecimento do vínculo entre a ciência e a vida humana. A noção de Gestalt, pensada como uma entidade da qual o sentido e o valor são características intrínsecas, constitui-se como a chave desse empreendimento. Partindo da tese fenomenológica, da defesa de que a elucidação conceitual exige o retorno aos dados da experiência direta, os gestaltist...

  7. Paradoxo da razão no caos. Teoria do caos aplicada na das probabilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Magalhães Filho Magalhães Filho

    2016-02-01

    Full Text Available São estabelecidas as bases de um ensaio sobre a aplicabilidade da Ciência da Computação, sustentadas pela Teoria do Caos, para resolução de certas questões tipicamente probabilísticas onde, através de experimentos computacionais conclusivos, as evidências apontam para o fato de que há fortes indícios a favor deste estudo. O estudo consiste em mostrar um paradoxo que é criado em situações específicas na Teoria das Probabilidades porque elas de fato estão intrinsecamente relacionadas a questões sistemáticas que têm tendência ao comportamento caótico e, portanto, próprias para as soluções que emergem da Teoria do Caos.

  8. Teoria da mente, esquizofrenia e inimputabilidade : estudo exploratório

    OpenAIRE

    Santos, Nélia Joana Araújo dos

    2012-01-01

    Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça) A cognição social é um constructo alargado que incorpora várias habilidades, tais como a perceção de emoções, perceção social e teoria da mente, estando o seu comprometimento relacionado com a perturbação esquizofrénica. A Teoria da Mente (ToM) é a habilidade mais danificada nesta doença psiquiátrica. Esta teoria envolve a capacidade de compreender estados mentais dos outros, como ...

  9. Os alicerces metateóricos da teoria social de John B. Thompson

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lopes, Felipe Tavares Paes

    2010-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivamos discutir os pressupostos metateóricos que embasam a teoria social de John B. Thompson. Para tanto, estruturamos o trabalho em três partes. Num primeiro momento, apresentamos e analisamos os pressupostos dessa teoria que dizem respeito à filosofia da ciência, ou seja, aqueles que se referem à ontologia, à epistemologia, à natureza humana e à metodologia. Num segundo momento, abordamos aqueles referentes à teoria sobre a sociedade, isto é, aqueles que se referem à natureza do mundo social. Num terceiro e último momento, analisamos a forma como a teoria social em questão amarra esses dois conjuntos de pressupostos e as implicações éticas decorrentes dessa amarra

  10. O sentido da vida para os idosos : uma leitura existencial à luz da teoria de Viktor Frankl

    OpenAIRE

    2012-01-01

    O presente estudo tem por objetivo investigar o sentido da vida para os idosos bem como os aspectos concernentes à sua continuidade, à luz da teoria de Viktor Frankl.A pesquisa desenvolve, inicialmente, uma abordagem sócio-histórica, destacando as teorias do envelhecimento, em paralelo aos temas centrais apresentados na pesquisa de campo, como elementos que motivam a continuidade do sentido da vida. O estudo trata de uma pesquisa fenomenológica exploratória, descritiva, com coleta de dados...

  11. A pessoalização do pronome a gente sob a perspectiva da Teoria da Enunciação de Émile Benveniste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Borges, Paulo Ricardo Silveira

    2004-01-01

    Full Text Available Este texto busca o diálogo entre três áreas - Teoria da Gramaticalização, Teoria da Variação e Mudança Lingüística e Teoria da Enunciação - para compreender e explicar o processo de pessoalização em torno do uso do pronome pessoal a gente no português brasileiro

  12. LIÇÕES DA TEORIA DA JUSTIÇA DE DAVID HUME

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovani Mendonça Lunardi

    2017-06-01

    Full Text Available No presente trabalho, examina-se a teoria da justiça de David Hume, sustentando que seu modelo leva em conta aspectos constitutivos da natureza e sociedade humana que podem contribuir de modo alternativo para o debate político contemporâneo. O filósofo escocês realiza uma demonstração da justiça, enquanto uma virtude artificial que apresenta uma ontogênese histórica da natureza humana, baseada na dinâmica da experiência das ações humanas, que permite também a demonstração das virtudes naturais. O exame da base das virtudes, tanto naturais como artificiais, e de como se originam e desempenham seus diferentes papéis, é um dos temas morais que compõem a ciência da natureza humana e possibilitam a discriminação do seu conteúdo moral.

  13. Administração pública tupiniquim: reflexões a partir da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Zwick

    Full Text Available O objetivo deste ensaio teórico é promover uma reflexão acerca da administração pública brasileira contemporânea sob o enfoque da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos. Após a recuperação dos pressupostos de cada abordagem proposta por Ramos, buscou-se alinhá-las a diferentes teorias de administração pública. A administração pública gerencial, conhecida no âmbito internacional como nova administração pública, foi introduzida no Brasil no governo Fernando Henrique Cardoso por meio da Reforma do Estado. Tal qual foi planejada, a administração pública gerencial caracteriza-se como Teoria N, uma vez que está imbricada pela força da estrutura e pela racionalidade instrumental. Todavia, por esbarrar em características culturais, tais como o autoritarismo, o personalismo e o coronelismo, esse modelo não foi plenamente desenvolvido no Brasil, sendo relativizado em sua aplicação prática. Assim, tornou-se uma hibridização de diversos modelos de gestão, unindo características do patrimonialismo, da burocracia e do gerencialismo, bem como indícios de gestão social. Essa hibridização institui, na verdade, um novo modelo de gerir a coisa pública, formando o que se denomina administração pública tupiniquim, que se figura como uma administração pública flexibilizada, que absorve elementos de vários modelos e experiências ao longo da história no Brasil e no exterior. Desvendar os elementos que compõem a "administração pública tupiniquim" como uma verdadeira possibilidade objetiva alinhada à tipologia da Teoria P de Guerreiro Ramos é o que se busca mostrar neste ensaio teórico.

  14. Notas para uma teoria da mudança social em Herbert Marcuse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abel Silva Borges

    2014-12-01

    Full Text Available As análises e reflexões apresentadas neste ensaio têm por base as questões e propostas lançadas por Marcuse em relação ao mundo desenvolvido e à formação do indivíduo. É possível se delinear um projeto de investigação que deve dar base às teorias da mudança social, mantendo unidas Filosofia, Teoria social e Política radical. Neste ensaio apresento reflexões para a refundamentação da teoria marxista, tais como as desenvolvidas por Marcuse no texto "Acerca do conceito de negação da dialética", escrito em 1966. O autor ainda nos remete a uma reflexão sobre o capitalismo maduro, sua fase imperialista. Exibo, também, uma breve exposição das ideias do autor a respeito da importância da esfera estética para uma teoria da mudança social. É grande a valorização dada por ele à dimensão estética, estando a formação do homem contemporâneo calcada na técnica, na estética e na política, o que abre novas possibilidades para se pensar projetos de mudança social.

  15. Paradoxo da razão no caos. Teoria do caos aplicada na das probabilidades

    OpenAIRE

    David Magalhães Filho Magalhães Filho; Klaus Ribeiro Cavalcante

    2016-01-01

    São estabelecidas as bases de um ensaio sobre a aplicabilidade da Ciência da Computação, sustentadas pela Teoria do Caos, para resolução de certas questões tipicamente probabilísticas onde, através de experimentos computacionais conclusivos, as evidências apontam para o fato de que há fortes indícios a favor deste estudo. O estudo consiste em mostrar um paradoxo que é criado em situações específicas na Teoria das Probabilidades porque elas de fato estão...

  16. Cognição social na esquizofrenia: um enfoque em habilidades teoria da mente

    OpenAIRE

    Helio Tonelli; Cristiano Estevez Alvarez

    2009-01-01

    "Teoria da mente" é o nome que tem sido dado à habilidade que os seres humanos têm de inferir os estados mentais ou as intenções de outros seres humanos. Tais habilidades fazem parte de um grupo maior de capacidades cognitivas, especificamente relacionadas ao comportamento social, denominado cognição social. A esquizofrenia é um transtorno mental que costuma cursar grave comprometimento do funcionamento social. Existem vários estudos correlacionando transtornos das habilidades teoria da mente...

  17. Redes de atenção à saúde sob a luz da teoria da complexidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecilia Arruda

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Refletir acerca dos princípios que norteiam as Redes de Atenção em Saúde sob a luz dos princípios da Teoria da Complexidade de Edgar Morin. Métodos: Trata-se de uma reflexão teórica. Resultados: Esta reflexão foi organizada em três atos: primeiro, apresenta-se uma contextualização histórica das Redes de Atenção em Saúde no Brasil; segundo, a conexão entre as Redes de Atenção em Saúde e os princípios da teoria da complexidade de Edgar Morin; terceiro, expõe-se alguns desafios para construção das Redes de Atenção em Saúde na perspectiva da complexidade. Conclusão: A conexão existente entre os pressupostos das RAS e os princípios da Teoria da Complexidade sugere a possibilidade de se aprofundar o entendimento, tanto das dificuldades, como das possibilidades de transformação da realidade do serviço de saúde público brasileiro, em busca da implementação da prática da integralidade da atenção à saúde.

  18. Da objetividade à intersubjetividade: contribuições da teoria do Agir Comunicativo para o paradigma Interpretativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernani Luiz Azevedo

    2016-07-01

    Full Text Available O presente artigo traz algumas discussões sobre a relação objetividade/subjetividade na construção do conhecimento, tendo em vista o Paradigma Interpretativo, muito utilizado nas pesquisas qualitativas em educação e educação científica. Para tanto, discorremos sobre alguns paradigmas epistemológicos presentes na ciência e filosofia, como o paradigma positivista e o fenomenológico. A evolução histórica dos debates sobre a influência da subjetividade na construção do conhecimento nos levou a prestar especial atenção à Teoria do Agir Comunicativo, de Jürgen Habermas, tendo em vista a centralidade da intersubjetividade presente nesta teoria. Concluímos o texto explicitando como desse debate se fez emergir uma teoria da racionalidade humana.

  19. Reflexões sobre o pesquisador nas trilhas da Teoria Fundamentada nos Dados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joséte Luzia Leite

    2012-06-01

    Full Text Available Estudo de natureza descritivo-reflexiva, objetivando apresentar as características do pesquisador que utiliza o método Teoria Fundamentada nos Dados e delinear reflexões sobre o desenvolvimento das aptidões do pesquisador para tornar-se um Teórico Fundamentado. A discussão teórica foi embasada nos referenciais dessa metodologia e apoiada na literatura. O artigo apresenta as principais demandas de estudos qualitativos com a Grounded Theory e importantes comportamentos, atitudes e características desenvolvidas pelos pesquisadores. Constata-se que a aprendizagem acerca da Teoria Fundamentada nos Dados vai além da habilidade para operacionalizar um conjunto de procedimentos e técnicas. Implica, também, em desafios de transformação na postura como pesquisador e em novas formas de pensar e pesquisar, reunindo conhecimentos a partir dos dados para formar uma teoria.

  20. Sobrevoando analIticamente as teorias da administração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Alex Silva Saraiva

    2010-04-01

    Full Text Available A orientação predominantemente descritiva da maior parte das publicações a respeito da Teoria da Administração não resiste, em diversos aspectos, a um exercício analítico mais aprofundado. Via de regra, a descrição é enfatizada em detrimento da análise, o que limita uma perspectiva mais ampla de aprendizado, mas também estimula reflexões teóricas renovadas. O objetivo neste ensaio é fazer um sobrevoo das teorias de Administração sob um prisma crítico, de maneira a contribuir para um debate mais amplo sobre a Ciência da Administração.

  1. Os problemas epistemológicos da realidade, da compreensibilidade e da causalidade na teoria quântica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bastos Filho Jenner Barretto

    2003-01-01

    Full Text Available No presente trabalho apresentamos uma discussão epistemológica sobre os problemas da Realidade, da Compreensibilidade e da Causalidade no contexto de algumas das questões suscitadas pela teoria quântica, discussão essa que se reflete também num combate à concepção positivista de ciência. Argumentamos em prol de uma maior aproximação entre a epistemologia complexa de Bachelard, a filosofia popperiana do racionalismo crítico e a concepção lakatosiana de programas científicos de pesquisa. Argumentamos, outrossim, em prol de ambas: da necessidade de se levar mais a sério a complexidade do diálogo teoria/experimento e da cautela redobrada em relação à idéia de 'experimentos cruciais' notadamente quando esses são lidos tanto na ótica do positivismo quanto na do realismo ingênuo.

  2. O animal darwiniano: o status das emoções na teoria da mente em Charles darwin

    OpenAIRE

    2005-01-01

    O presente trabalho analisa o status das emoções animais na edificação de uma teoria da mente em Charles Darwin, tendo como principais fontes primárias as obras The Descent of Man and Selection in Relation to Sex (DARWIN, 1998a [1871]) e The Expression of the Emotions in Man and Animals (DARWIN, 1998b [1872]). Defendo que as emoções são um atributo de importância crucial no estabelecimento de uma teoria darwiniana da mente. Dentre os vários componentes da teoria da evolução ...

  3. O mercado no fórum: uma teoria econômica da demagogia

    OpenAIRE

    Fernando Haddad

    2000-01-01

    A partir de uma análise crítica da teoria econômica da democracia de Downs, examinam-se, em termos do problema da "seleção adversa" de Ackerlof, os efeitos da assimetria de informação entre candidatos (com taxas diferentes de demagogia) e eleitores (com níveis diferentes de conhecimento), contra o pano de fundo da relação entre divisão de trabalho e democracia.On the basis of an analysis of Downs' economic theory of democracy the effects of information asymmetry between candidates (with diffe...

  4. O mercado no fórum: uma teoria econômica da demagogia

    OpenAIRE

    Haddad,Fernando

    2000-01-01

    A partir de uma análise crítica da teoria econômica da democracia de Downs, examinam-se, em termos do problema da "seleção adversa" de Ackerlof, os efeitos da assimetria de informação entre candidatos (com taxas diferentes de demagogia) e eleitores (com níveis diferentes de conhecimento), contra o pano de fundo da relação entre divisão de trabalho e democracia.

  5. Transdisciplinaridade no ensino de línguas A perspectiva das Teorias da Complexidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilson J. Leffa

    2006-01-01

    Full Text Available Este texto parte do pressuposto de que o aprendizado de uma língua estrangeira é muito complexo para que possa ser explicado através de uma única teoria de aprendizagem. Para tentar resolver esse problema, propõe uma abordagem transdisciplinar, partindo das Teorias da Complexidade, incluindo as teorias do caos, do pensamento complexo e a da atividade. Resume as idéias de Nicolescu sobre transdisciplinaridade, baseadas numa perspectiva de evolução da ciência pelos estágios da disciplinaridade, multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade. Propõe, finalmente, como exemplo de abordagem transdisciplinar, que a pesquisa seja direcionada do problema para a teoria, e não no sentido oposto, como normalmente tem sido feito.This article starts from the assumption that the learning of a foreign language is too complex to be explained though one learning theory. In an attempt to solve this problem, a transdisciplinary approach is proposed, starting from complex theories and including Chaos Theory, Complex Thinking, and Activity Theory. The ideas of Nicolescu on transdisciplinarity is summarized, using a evolutionary perspective of science through the stages of disciplinarity, multidisciplinarity, interdisciplinarity, and transdisciplinarity. It is finally suggested, as an example of the transdisciplinary approach, that research be guided from the problem to the theory, and not the other way around, as it has usually been done.

  6. A epistemologia transdisciplinar nos pressupostos da teoria da complexidade e no contexto da organização do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Ponchirolli

    2014-03-01

    Full Text Available A teoria da complexidade parte basicamente da ideia de que todo sistema constitui uma unidade complexa, comportando diversidade e multiplicidade, inclusive antagonismos. O ecossistema e a biosfera dão sentido pleno ao termo complexo, que significa entrelaçamento, portanto aquilo que está entrelaçado em conjunto constitui um tecido estreitamente unido, embora os fios que o constituam sejam extremamente diversos. A partir da obra O Método, de Edgar Morin, este estudo se concentra primeiramente na elaboração das características do conceito de transdisciplinaridade; em seguida nos pressupostos da teoria da complexidade, para somente a seguir verificar como a teoria da complexidade pode dialogar com as organizações do trabalho e com a área da educação, que também se caracteriza como uma empresa, pois a formação profissional se fundamenta teoricamente no ambiente educacional. O pensamento complexo pretende ultrapassar as entidades fechadas ou as disciplinas, como um meio necessário para conceber o fundamental. Seja diretamente na área da educação, na construção do pensamento complexo ou nas organizações como campo do conhecimento, a complexidade se mostra disponível para dialogar com todas as demais teorias do conhecimento, considerando o método transdisciplinar como norteador dessa abordagem. O fio condutor da observação dos pressupostos da epistemologia proposta pela complexidade considera que aquele que pesquisa é antes um pesquisador de si mesmo, por isso a vida de Edgar Morin, idealizador da teoria da complexidade, é o principal elemento constituinte das considerações finais deste estudo. Abstract: The theory of complexity basically comes from the idea that every system is a complex unit holding diversity and multiplicity, even antagonisms. The ecosystem and biosphere give full meaning to the term complex, which means interlacing, therefore, what is interlaced together, it consists of a closely oven together fabric

  7. A teoria discursiva da aplicação do direito: o modelo de Habermas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dutra, Delamar José Volpato

    2006-01-01

    Full Text Available O texto apresenta a teoria discursiva da aplicação do direito, tal como concebida por Habermas. Essa teoria constitui um cruzamento entre normas procedimentais coativas e argumentação, de maneira que o procedimento juridicizado não deve pré-julgar ou dirigir a lógica da argumentação. No entanto, tal argumentação não pode ser entendida do mesmo modo que a argumentação moral, justamente devido às honras que deve prestar à legitimidade do direito oriunda do processo democrático, cuja racionalidade, nos argumentos morais, é mais complexa do que a da argumentação moral. Para clarificar esse ponto fundamental, é apresentada a recusa habermasiana da tese do caso especial, de Alexy

  8. As raízes renegadas da teoria do capital humano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saul Renato P.

    2004-01-01

    Full Text Available O artigo pretende reconstituir a trajetória da teoria do capital humano, no contexto da sua sociedade de origem, os Estados Unidos. A partir da identificação de tendências presentes no pensamento social americano, marcadamente do orientado, de início, para a organização do trabalho industrial através das experiências levadas a efeito por Frederick Taylor e, depois, pela teorização a respeito de um novo conceito de propriedade emergente no processo de organização das grandes empresas de capital acionário, enquadra-se a teoria do capital humano no campo de resolução do grande dilema do liberalismo americano, o da institucionalização de uma sociedade sem classes.

  9. CONTEXTO EDUCACIONAL E AS CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Gomez Sardinha Silva

    2016-10-01

    Full Text Available O ambiente escolar é um espaço profícuo de interações sociais que se organiza de modo a mesclar diferentes representações, quer seja dos agentes da instituição escolar, dos membros da família ou das pessoas da comunidade. Diante disso, objetiva-se com este estudo básico, qualitativo e exploratório, caracterizado como estudo bibliográfico, refletir sobre os aspectos conceituais da Teoria das Representações Sociais no contexto educacional. Conclui-se, portanto que a Teoria das Representações Sociais, pode ajudar a compreender a realidade do contexto educacional, em suas múltiplas facetas, a partir das práticas que se desenvolvem frente às representações construídas.

  10. Masculinidade e ciúme na perspectiva da teoria da sedução generalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Carvalho Ribeiro

    2012-09-01

    Full Text Available Partindo das contribuições freudianas sobre as relações do ciúme com a projeção e a homossexualidade, propõe-se no presente artigo uma retomada do papel do masoquismo primário e da identificação feminina como elementos definidores do ciúme masculino patológico. As condições originárias de constituição do psiquismo, vistas sob o ângulo da Teoria da Sedução Generalizada, proposta por Jean Laplanche, são relacionadas tanto ao masoquismo primário quanto à identificação feminina. A situação assimétrica entre o adulto, portador de uma sexualidade inconsciente, e a criança, destituída de recursos psíquicos para lidar com as mensagens sexuais do adulto, caracteriza, segundo esse autor, a situação antropológica fundamental.

  11. Componentes funcionais da teoria de Peplau e sua confluência com o referencial de grupo

    OpenAIRE

    Moraes,Leila Memória Paiva; Lopes,Marcos Venícios de Oliveira; Braga,Violante Augusta Batista

    2006-01-01

    As teorias de enfermagem precisam ser analisadas para que possamos acessar o real significado das idéias explicitadas pelas teóricas e, com isso, possibilitar que os enfermeiros as considerem e as incorporem na prática profissional. Este estudo objetivou analisar os componentes funcionais da teoria de Hildegard Elizabeth Peplau, com base no modelo proposto por Meleis e sua confluência com o referencial de grupo utilizado no trabalho com dependentes químicos. A construção deste estudo proporci...

  12. Crítica à teoria da democracia institucionalista contemporânea

    OpenAIRE

    2011-01-01

    A teoria da democracia de: Schumpeter, Sartori, Dahl e Bobbio, busca não identificar-se com a teoria clássica liberal, tentam superá-la em muitos aspectos, porém as características que compõe sua identidade de democracia são certamente alicerçad...

  13. ALCANCES E LIMITES DA PUBLICIDADE SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA SOCIAL DE NIKLAS LUHMANN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ogécia Drigo

    2016-10-01

    Full Text Available Este artigo tem como contexto a publicidade e o pensamento comunicacional e objetiva avaliar os alcances e limites da publicidade, no contexto contemporâneo, sob a perspectiva da Teoria Social de Niklas Luhmann, a qual permite o redimensionamento da relação entre comunicação e sociedade, bem como da noção de representação, colocando-se, portanto, na contramão de teorias da comunicação bem assentadas na área da comunicação. Para tanto, apresentam-se reflexões sobre a publicidade na confluência do pensamento comunicacional e aspectos da teoria mencionada, com ênfase no conceito de heterorreferência, seguido de exemplos envolvendo o sistema das marcas e a publicidade. A importância desse artigo está na possibilidade de repensar a publicidade e seus atributos em função do fluxo das diversas correntes do pensamento comunicacional estabelecidas. PALAVRAS-CHAVE: Publicidade. Pensamento Comunicacional. Niklas Luhmann. Autopoiese. Heterorreferência.     ABSTRACT As its context, the present paper addresses advertising and the communicational thought, and it aims to assess both the scopes and limits of advertising, within the contemporaneous context, in the perspective of Niklas Luhmann Social Theory, which allows redimensioning both the relation between communication and society and of the notion of representation, therefore, counterposing the well-established communication theories within the communicational universe. Thereto, one presents reflections on advertising at the confluence of the communicational thought and some aspects of the referred theory, with an emphasis on the concept of heteroreference, followed by examples that involve the trademark system and advertising. The importance of the present paper lies upon the possibility of reconceiving* advertising and its attributes, in relation to the flux of several already established lines of communicational thought.   KEYWORDS: Averstising. Communicational thought. Niklas

  14. Processos colaborativos mediados pelo computador e as contribuições da teoria da atividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Karine Ramos

    2011-02-01

    Full Text Available A colaboração é uma ação social, na qual pessoas compartilham objetivos e aprendem juntas visando superar desafios e construir conhecimentos. Neste sentido, este artigo apresenta os pressupostos teóricos da Teoria da Atividade e propõe a análise e discussão do trabalho colaborativo. Neste sentido para promover a colaboração utilizamos como estratégia pedagógica a “proposta de desafios”, desenvolvidos a partir da metodologia da problematização e do modelo descrito pela WebQuest. Esta atividade baseada em desafios foi aplicada em uma escola pública localizada na cidade de Florianópolis em Santa Catarina, envolvendo duas turmas de oitava série, uma matutina e outra vespertina. A partir disso, observa-se os modos de organização dos grupos e as estratégias adotadas para superar e responder aos desafios propostos. Os resultados revelam que a divisão de trabalho destaca-se como estratégia adotada pelos grupos e a Teoria da Atividade revela-se consistente para compreender os processos desencadeados durante o trabalho colaborativo.

  15. "Capacidade de pensar no que os outros pensam" teoria da mente na esquizofrenia

    OpenAIRE

    Rocha, Joana; Fernandes, Carlos; Rocha, Nuno

    2010-01-01

    O uso da Linguagem envolve uma série de regras conversacionais que implica a capacidade de inferir sobre os estados mentais dos outros. Esta capacidade metacognitiva designa-se de Teoria da Mente (TM) e tem sido estudada mais rigorosamente nas últimas décadas. A literatura aponta que esta competência se encontra severamente perturbada na doença mental severa (e.g. Esquizofrenia), pelo que os objectivos do presente trabalho se resumem à caracterização da TM, da relação que esta estabelece com ...

  16. Reparação extrapatrimonial dos danos ambientais à luz da Teoria da Complexidade de Edgar Morin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Gonzales Zanella

    2012-10-01

    Full Text Available Pela teoria da reparação integral, verifica-se que o dano ao meio ambiente deve ser reparado tanto na esferamaterial quanto na esfera extrapatrimonial (constituída por valores primordiais, como o bem-estar, o direito à vida, à saúde,à dignidade, etc. Todavia, quanto ao segundo ponto, surge uma indagação: esses valores, quando atingidos, merecemproteção jurídica? O ordenamento jurídico brasileiro recepcionou a tese do dano extrapatrimonial ambiental? Neste sentido,o trabalho propõe uma reflexão acerca da legislação e jurisprudência nacionais, tendo como referencial teórico a Teoria daComplexidade de Edgar Morin.

  17. Contribuições da teoria da atividade para o estudo das organizações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yára Lucia Mazziotti Bulgacov

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo delinear princípios teóricos metodológicos para o estudo da organização. É adotado o conceito de prática social como menor unidade significativa para análise, compreendendo tal conceito a partir da teoria da atividade sócio-histórica e cultural, apoiando-se nas ideais de Vygotsky, Leontiev, Engestrom e Clot. É defendida aqui a concepção de organização a partir de seu acontecer histórico e dialético, no qual o particular é considerado uma instância da totalidade, a partir de um percurso teórico nas categorias sócio-históricas de: sistemas de atividade situados, sentidos e significados, aprendizagem e desenvolvimento humano. Aponta-se para uma forma de fazer ciência que supera a concepção positivista de método para resultado para uma concepção de método e resultado. A partir dessas categorias teóricas e do relato de três pesquisas realizadas, deduz-se um conjunto de princípios teóricos metodológicos de cunho sócio-histórico que contribuem para o estudo da organização, na medida em que se rompe com a dicotomia indivíduo versus grupo versus organização, com a concepção abstrata e a-histórica do fenômeno organizacional, com a concepção behaviorista de homem predominante nos estudos organizacionais e, finalmente, com categorias que apreendem dimensões subjetivas e intersubjetivas de uma realidade organizacional em constante movimento.

  18. Teoria da adequação econômica da conduta: significado econômico da conduta em face da tutela penal antitruste

    OpenAIRE

    Luiz da Silva, Ivan

    2009-01-01

    Essa tese tem por objetivo o desenvolvimento da teoria da adequação econômica da conduta no direito penal econômico. Vale-se de uma abordagem interdisciplinar abrangendo a Economia, o direito econômico e o direito penal. Para alcançar o desiderato a investigação analisou a intervenção do direito penal em face da atividade econômica e, em especial, os fundamentos da tutela penal antitruste, para fins de estabelecer os contornos teóricos necessários à aplicação das premissas fund...

  19. Consulta coletiva de crescimento e desenvolvimento da criança à luz da teoria de Peplau

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Polyanna Keitte Fernandes Gurgel

    2014-09-01

    Full Text Available Este estudo objetiva refletir acerca da consulta coletiva de crescimento e desenvolvimento da criança, a partir da aplicação da teoria da relação interpessoal de Hildegard Peplau, a qual tem como ponto central o processo interpessoal entre o enfermeiro e o paciente. Foram tecidas reflexões acerca da relação existente entre as fases propostas pela teoria e os momentos da realização das consultas coletivas de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança. Por meio do estabelecimento da relação interpessoal, enfermeiro e familiar/cuidador aprendem a trabalhar conjuntamente, para resolver as dificuldades inerentes ao processo de cuidado da criança. Diante dessa realidade, pode-se concluir que através da relação interpessoal que é estabelecida nas consultas coletivas de acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil, há uma aproximação entre a equipe profissional e os sujeitos envolvidos no processo, tornando-se, estes sujeitos, emponderados de saberes e capazes de promover à criança um cuidado integral.

  20. O darwinismo e seu outro, a teoria transformacional da evolução Darwinism and its other, the transformational theory of evolution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Caponi

    2005-06-01

    Full Text Available O programa darwiniano sempre teve que enfrentar o desafio de uma plêiade de teorias alternativas que, por compartilhar um conjunto de pressupostos fundamentais, podem ser consideradas como formulações distintas de um único programa de pesquisa dirigido para o objetivo de articular aquilo que, seguindo a Richard Lewontin e a Elliot Sober, podemos caracterizar como uma explicação transformacional da evolução, alternativa à explicação de tipo variacional ou selecional proposta por Darwin. Antes de 1859, a teoria transformacional já tinha sido entrevista, de diferentes ângulos, por Lamarck, Geoffroy Saint-Hilaire e Chambers. Paradoxalmente, é somente depois da publicação de A origem das espécies que ela parece adquirir maior plausibilidade. O próprio Owen se atreve inclusive a sugeri-la; e, a partir daí, desde Spencer e Häeckel, passando pelos defensores da ortogênese, pelos neo-lamarkianos americanos, e chegando até Brian Goodwin, essa obstinada hidra epistemológica nunca cessou de se insinuar como sendo ou uma genuína alternativa ou um necessário complemento da teoria da seleção natural.The darwinian program has always had to face the challenge of a constellation of alternative theories that, for having a common set of fundamental presuppositions, they can considered, all of them, as modifications of only one research program directed to the objective of articulate what, following Richard Lewontin and Eliot Sober, we can characterize as a transformational explanation of evolution alternative to the variational or selectional explanation proposed by Darwin. Before 1859, that transformational theory had been suggested, from a diferent point of view, by Lamarck, Geoffroy Saint-Hilaire and Chambers; but, paradoxically, it is only after the publication of On the origin of the species that this theory won greater plausibility. Owen himself suggested it; and from Spencer and Häeckel, passing through the defenders of the

  1. BANALIZAÇÃO DA FRAUDE ACADÊMICA: REFLEXÕES À LUZ DA TEORIA DA SEMICULTURA DE ADORNO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Machado Saraiva de Albuquerque Maranhão

    Full Text Available Resumo: A banalização da fraude no ambiente acadêmico impõe severos problemas à formação dos indivíduos. Este estudo fez uso da teoria crítica relacionada à educação. Adorno analisou o problema da semiformação na sociedade capitalista, em que a educação se tornou mais uma mercadoria a ser entregue a seus consumidores. O objetivo deste artigo foi propor a reflexão crítica sobre os reais sentidos da persistência da fraude nas universidades. Portanto, a fraude acadêmica destaca-se como uma evidência de que há algo errado com a educação fornecida pelas universidades. Somente uma mudança pedagógica pode transformar o caminho da educação inserida na sociedade capitalista. O resgate do potencial emancipatório da educação é fundamental para que a sociedade possa formar pessoas críticas e autônomas.

  2. BANALIZAÇÃO DA FRAUDE ACADÊMICA: REFLEXÕES À LUZ DA TEORIA DA SEMICULTURA DE ADORNO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Machado Saraiva de Albuquerque Maranhão

    Full Text Available Resumo: A banalização da fraude no ambiente acadêmico impõe severos problemas à formação dos indivíduos. Este estudo fez uso da teoria crítica relacionada à educação. Adorno analisou o problema da semiformação na sociedade capitalista, em que a educação se tornou mais uma mercadoria a ser entregue a seus consumidores. O objetivo deste artigo foi propor a reflexão crítica sobre os reais sentidos da persistência da fraude nas universidades. Portanto, a fraude acadêmica destaca-se como uma evidência de que há algo errado com a educação fornecida pelas universidades. Somente uma mudança pedagógica pode transformar o caminho da educação inserida na sociedade capitalista. O resgate do potencial emancipatório da educação é fundamental para que a sociedade possa formar pessoas críticas e autônomas.

  3. Teoria da Complexidade e as múltiplas abordagens para compreender a realidade social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Miguel Luzio dos Santos

    2012-06-01

    Full Text Available Este ensaio é produto de uma reflexão sobre as múltiplas abordagens, que se contrapõe ao reducionismo e ao determinismo positivista hegemônico. Propõe-se a auxiliar na compreensão de como a Teoria da Complexidade apresenta-se como um modelo epistêmico mais frutífero para as ciências sociais à medida que apresenta uma visão mais complexa e ampliada da realidade. Parte-se, no entanto, num primeiro momento, da premissa de que a teoria geral dos sistemas, antes mesmo que o pensamento complexo, propõe-se a romper com o reducionismo, o mecanicismo e o determinismo clássico, mas falha justamente onde o primeiro é mais avassalador para a prática sócia l– na capacidade que este demonstrou durante longos anos de manter a regulação e a ordem vigente. Contudo, sem intencionar apresentar a Teoria da Complexidade como uma alternativa definitiva ao pensamento ortodoxo, faz-se um paralelo entre esta e a dialética marxista, com a qual, ao mesmo tempo em que parece dialogar, diverge num aspecto fundamental – a forma de conceber a mudança social – e a partir disto adentra-se na discussão sobre seu possível relativismo.

  4. As teorias administrativas e a empregabilidade vistas sob o enfoque da organização em aprendizagem

    National Research Council Canada - National Science Library

    Maria Ester Menegasso

    1999-01-01

    ... que são a base da organização em aprendizagem. Retomam-se as teorias administrativas e delas se retiram os elementos que contribuem para a empregabilidade no contexto das organizações formais...

  5. Gabriel Marcel e a teoria da participação ontológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudinei Aparecido de Freitas da Silva

    2015-12-01

    Full Text Available O texto visa situar a gênese da teoria da “participação ontológica” a partir dos escritos iniciais de Gabriel Marcel (1889-1973 compreendidos entre 1910 e 1914. Para tanto, trata-se de explicitar o estatuto dessa seminal posição e seu respectivo contraponto onto-fenomenológico à ideia de “saber absoluto” no contexto do idealismo moderno tendo, em particular, na “doutrina da intuição”, uma de suas versões mais emblemáticas.

  6. Teyssot, Georges, Da Teoria de Arquitectura: doze ensaios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Quintais

    2012-12-01

    Full Text Available O volume de ensaios do historiador e crítico da arquitectura Georges Teyssot perfaz um arco temporal de mais de trinta anos. Um modo de aceder globalmente ao desenho que este percurso vai fazendo será, talvez, o de definir com clareza as figuras‑chave que o alimentam e o tipo de utensilagens metafóricas e conceptuais de que se serve ao longo da sua viagem pelos territórios da crítica. Convirá então dizer que o pensamento de Teyssot se define tendo em conta três vértices maiores: Michel Fouca...

  7. Elementos para uma teoria da vergonha na psicose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delphine Scotto di Vettimo

    Full Text Available Este artigo propõe uma discussão crítica da problemática da vergonha considerada desde a vertente social onde faz sintoma e aonde vem marcar a ferida do ideal. Com efeito, a vergonha é primeiramente um sentimento social: aparece geralmente em reação ao olhar do outro e assinala o fracasso da confirmação narcisista. A hipótese proposta postula que no trabalho clínico junto a sujeitos confrontados com uma experiência psicótica, a expressão da vergonha como prova ontológica do olhar do Outro constituiria uma tentativa do sujeito de provar-se como tal. Esta reflexão insiste, através de uma evocação clínica, na concorrência entre vergonha, psicose e relação social.

  8. O uso da teoria da visão baseada em recursos em propriedades rurais: uma revisão sistemática da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Moreira de Carvalho

    2014-09-01

    Full Text Available A teoria da Visão Baseada em Recursos (VBR tem se destacado como uma das mais importantes correntes teóricas da estratégia. O uso da teoria dos recursos mostra-se promissor para a análise das propriedades rurais, permitindo avançar no conhecimento do potencial a ser explorado em torno dos recursos internos. No presente estudo, contribui-se com um levantamento da literatura sobre os principais recursos e/ou fatores-chave determinantes para o desempenho de propriedades rurais por meio da análise de trabalhos que utilizaram a teoria da VBR como base teórica. Com esse levantamento, pretende-se verificar quais recursos foram considerados estratégicos pela literatura da área. A metodologia utilizada foi de revisão sistemática. Os resultados indicaram que o uso da teoria em estudos de empreendimentos agropecuários ainda é incipiente. Foram levantados 14 artigos em fazendas em geral e, dentre esses, três estudos em fazendas produtoras de leite que mostram resultados consistentes quanto ao impacto dos recursos sobre o desempenho. Recursos humanos e organizacionais foram os mais citados como estratégicos e fundamentais para o desempenho. Os recursos físicos foram citados mais vezes em artigos que analisaram o meio rural se comparado à literatura geral do uso da VBR, talvez pela maior dependência de aspectos naturais no desempenho das fazendas em relação aos outros setores da economia. Contudo, devido ao pequeno número de trabalhos encontrados e à diversidade de abordagens em torno da teoria, não é possível realizar inferências, somente concluir que existe um gap de conhecimento nessa área que deve ser suprido por meio de novas e amplas pesquisas.

  9. Crítica à teoria da democracia institucionalista contemporânea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pablo Thiago Correia de Moura

    2011-03-01

    Full Text Available

    A teoria da democracia de: Schumpeter, Sartori, Dahl e Bobbio, busca não identificar-se com a teoria clássica liberal, tentam superá-la em muitos aspectos, porém as características que compõe sua identidade de democracia são certamente alicerçadas nos mais clássicos liberais como: os Federalistas e Tocqueville, onde limita e restringe a democracia a um procedimento estrutural para formação de governos representativos e meramente formais do ponto de vista político-social. Essa social-democracia – ou seria liberal-democracia? – reformista, visa apenas defender o Estado liberal burguês com medidas e arranjos de caráter menos excludentes a parcelas da população, porém com o mesmo verniz elitista da antiga teoria.

  10. Piaget: Notas para uma Teoria Construtivista da Inteligência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lajonquière Leandro de

    1997-01-01

    Full Text Available Constata-se que boa parte dos comentadores da obra de Piaget afirma que a inteligência é originariamente de natureza individual e que, portanto, a socialização seria o efeito de um processo de evolução cognitiva. Essa interpretação substancializa a inteligência, recorre a explicações redu-cionistas e considera o processo de construção epistêmica como uma simples atualização de possíveis cognitivos pré-formados. Uma série de investigações tem sugerido a existência de uma interdependência causal entre as dinâmicas sociais e o desenvolvimento cognitivo, que nos alerta da necessidade de rediscutir o estatuto da interação.

  11. A short history of evolutionary theory Uma breve história da teoria evolutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Perreira da Silva

    2001-12-01

    Full Text Available The history of the Theory of Evolution has been told a number of times by historians, philosophers, professors, writers, scientists and so on. However, many of these versions differ from or even contradict one another. In this article, the history of the Theory of Evolution is retold according to a dialectical-materialistic perspective. It analyzes the historical contradictions between Darwinian evolution theory and Mendel's model, the background that led to the synthetic theory of evolution, the debate carried out by classic schools and the result of synthesis, as well as the still current debate between Neutralism and Selectionism. Finally, it also discusses the interpretative model used ("an idiosyncratic dialectic materialism", mainly in relation with Popper's and Kuhn's models.A história da teoria evolutiva tem sito contada inúmeras vezes por historiadores, filósofos, professores, escritores, cientistas etc. Contudo, muitas destas versões diferem entre si ou mesmo se contradizem. Neste trabalho, a história da teoria evolutiva é recontada a partir de uma perspectiva materialista dialética. São analisadas as contradições históricas entre a teoria evolutiva darwiniana e o modelo mendeliano, o caminho para a teoria sintética da evolução, o debate entre as escolas clássica e do balanco que sucedeu a síntese, bem como o debate, ainda atual, entre neutralismo e selecionismo. Ao final, o modelo interpretativo utilizado ("um materialismo dialético idiossincrático" é discutido, principalmente, em relação aos modelos popperiano e kuhniano.

  12. Minimalismo schumpeteriano, teoria econômica da democracia e escolha racional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Borges Gama Neto

    2011-02-01

    Full Text Available A democracia é um dos temas mais discutidos na Ciência Política. Existe uma unanimidade em torno da legitimidade do regime democrático vis-à-vis seus opositores. Contudo, se a defesa da democracia é consensual, não há a mesma concordância sobre o que ela significa. O debate sobre o tema ressurge como conseqüência da crise da representação política nos países de democracia consolidada, da falência dosregimes autoritários nos países do Leste Europeu, Ásia e América Latina e das incertezas quanto à consolidação dos regimes democráticos. O artigo analisa alguns pontos de inflexão existentes na teoria democrática, mormente as questões envolvendo a relação entre democracia, lógica da ação coletiva, representação política, interesse e accountability. Inicia-se apresentando a influência de Max Weber sobre a teoria da democracia de Joseph Schumpeter, depois apresenta-se os fundamentos do minimalismo, sua influência sobre o pluralismo de Robert Dahl, os paradoxos da lógica da ação coletiva e a teoria econômica da democracia, discorrendo-se também sobre alguns aspectos dos conceitos de representação política, responsabilização, interesse, formação de preferências e vontade geral. Afirma-se que o sentido da representação política tem tornado-se cada vez mais complexo, especialmente porque a sua prática não tem coadunado-se com o "ideal da representação popular na política", característico da utopia democrática. Existe um hiato claro entre a exigência de mais representação e como ela efetiva-se nas sociedades. Contudo, o artigo defende que, apesar de todas as críticas que recebe, a democracia como sistema de governo sobrevive sob diversas condições sociais e históricas diferentes, e isto ocorre porque existe algo comum a todos os regimes democráticos: instituições representativas. Sem elas, não há como existir democracias

  13. Paradigmas Tecnológicos e Teorias Econômicas da Firma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Bastos Tigre

    2005-01-01

    Full Text Available Este artigo analisa a evolução das teorias da firma à luz das mudanças tecnológicas ocorridas em três paradigmas: (i a Revolução Industrial britânica, que dominou a economia mundial durante todo o século XIX e foi a base de observaçãopara a elaboração da teoria neoclássica; (ii o paradigma Fordista, que efetivamente deu origem à economia industrial; e (iii o paradigma das Tecnologias da Informação, cuja construção teórica está baseada, principalmente nas correntes evolucionistas e neo-institucionalistas. A análise da evolução das teorias da firma e sua relação com paradigmas organizacionais distintos mostra que não existe um corpo teórico único e coerente, pois as teorias estão condicionadas por diferentes filiações metodológico-teóricas, enfocam aspectos distintos (produção ou transação e baseiam-se em contextos institucionais, históricos e setoriais diversos. Conclui que o processo de mudanças tecnológicas e institucionais exige que a teoria evolua continuamente, adotando aportes interdisciplinares e recorrendo mais sistematicamente a pesquisa empírica.The structure of the world industry is constantly affected by technological innovations and by an institutional dynamics which destroy and create firms and markets. Historically, the increasing speed of these changes has demanded a continuous reformulation of the economic theories dealing with the firm. This article examines such theories under the analytical framework of technological change in three paradigms: (i the British industrial revolution which dominated the world economy during the XIX century and was a starting point to the development of the neoclassical microeconomic theory; (ii the fordist paradigm which gave rise to the industrial economics; and (iii the information technology paradigm, in which theories are still under development, based mainly on evolutionist and neo-institutionalist frameworks. The analysis of the evolution of the

  14. A terapia cognitiva e a teoria cognitiva da emoção de Lazarus

    OpenAIRE

    Gonçalves, Carlos Henrique

    2014-01-01

    Este trabalho investiga a influência da teoria da emoção de Richard Lazarus sobre a Terapia Cognitiva (TC) de Aaron Beck. As primeiras abordagens denominadas cognitivo-comportamentais, com foco nos processos cognitivos, surgiram no período em que, segundo alguns autores, ocorreu a chamada revolução cognitiva. A TC de Aaron Beck é uma das que mais se destacaram nesse movimento. Em seu modelo cognitivo, Beck sustenta que a percepção dos eventos influenciam as emoções e os comportamentos, e defe...

  15. Vygotsky e as origens da teoria histórico-cultural: estudo teórico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Esteves Bortolanza

    2017-02-01

    Full Text Available Resumo: Estudo teórico sobre Vygotsky (1986-1934 e seus estudos, historicamente contextualizado, tendo como objetivo evidenciar as origens da teoria histórico-cultural sintetizadas na formação do novo homem e da nova educação. Os princípios de uma educação científica, postos pela revolução de 1917, influenciaram a produção científica do autor e foram determinantes na criação de sua teoria. Para isso, buscam-se referências bibliográficas em prefácios, prólogos, notas de tradução e introduções em suas obras teóricas e em obras de referência sobre o assunto. Os princípios, conceitos e métodos aprofundados em sua práxis apontam caminhos para a educação atualmente, tendo em vista uma educação transformadora. Palavras-chave: Vygotsky. Teoria histórico-cultural. Educação.

  16. A maternidade sob a ótica da teoria pulsional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela Quintana Gómez

    2007-12-01

    Full Text Available Pretende-se demonstrar que os diversos modos de entendimento da origem do psiquismo, presentes em determinados textos da metapsicologia freudiana, vinculam-se a diferentes formas de compreensão do tema da maternidade. Assim, em "Pulsões e seus destinos" (1915, a maternidade é associada a uma excitação externa que desorganiza o psiquismo do recém-nascido; por sua vez, em "Além do princípio do prazer" (1920 e "O problema econômico do masoquismo" (1924, há elementos de análise que possibilitam uma leitura alternativa sobre o tema, a partir das noções de masoquismo erógeno, pulsão de vida e de morte.The motherhood under the pulsional theory outlook.This work aims at demonstrating that the different understandings of the psyche’s origins in certain texts of freudian metapsychology relate to different ways to comprehend maternity. Thus, in "The instincts’ destiny" (1915, maternity is associated to an external arousal that disorganizes the newborn’s psyche; on the other hand, an alternative reading of the theme based on notions such as erogenous masochism and life and death pulsions, is possible taking elements of analyses present in "Beyond pleasure principe" (1920 and "The economic problem of masochism" (1924.

  17. A experiência pré-platônica da teoria

    OpenAIRE

    Engler, M. Reus; Universidade Federal de Sata Catarina

    2013-01-01

    ResumoO artigo apresenta breve problematização do conceito hodierno de teoria, baseando-se para tanto no uso da palavra em português (seção I). Contrapõe a tal uso o sentido grego do termo e explica três aspectos de sua experiência, do ponto de vista histórico e filológico (II). Na próxima seção, examina como alguns pensadores pré-socráticos – Anaxágoras, Parmênides e Pitágoras – usaram o conceito de teoria para ilustrar sua atividade filosófica (III). Em seguida, discute criticamente a tese ...

  18. TEORIA E APLICAÇÃO DA GEOMETRIA HIDRÁULICA: REVISÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Grison

    2011-12-01

    Full Text Available Desde a criação da teoria da geometria hidráulica, um elevado número de trabalhos foi desenvolvido em relação a essa teoria e sua aplicação. O presente estudo teve o objetivo de revisar a definição dessa teoria, formas pelas quais ela vem sendo estudada e os principais métodos aplicados para interpretação dos seus resultados. As principais descobertas mostram que, com aumento da vazão, a velocidade e a profundidade aumentam mais rapidamente do que a largura das seções transversais e que a variação da largura nos canais com leito rochoso é semelhante àquela com leito aluvial. Foi claramente observado que as relações matemáticas da geometria hidráulica, que se diferenciam pela mudança da potência do escoamento do curso d’água, vêm sendo detalhadamente estudadas. Vários tipos de clima e formações geológicas foram avaliados para verificar suas influências nos expoentes da geometria hidráulica. Além disso, também se investigou o motivo das grandes variações dos valores desses expoentes. A vazão dominante está intimamente correlacionada com a área de drenagem e, a partir disso, foram desenvolvidas as Equações Regionais da Geometria Hidráulica. Outros trabalhos mostraram o comportamento dos sedimentos com relação às mudanças na forma dos cursos d’água. O tópico mais explorado na geometria hidráulica é a modelagem matemática, que foi utilizada principalmente para investigar a influência da forma de uma seção transversal e do leito de um canal em nível de margens plenas no comportamento das variáveis hidráulicas. A modelagem matemática também foi empregada para verificar a variabilidade espacial da geometria hidráulica devido à localização das seções transversais. As aplicações da geometria hidráulica encontram-se, na prática, tal como em projetos de revitalizações de rios e projetos de gerenciamento de recursos hídricos.

  19. La teoria della conoscenza scientifica da Kant ai giorni nostri

    CERN Document Server

    Enriques, Federigo

    1983-01-01

    Questo libro uscì in francese nel 1938, l'anno in cui le leggi razziali avevano allontanato Federico Enriques dall'insegnamento e da ogni attività pubblica del nostro paese, e appare ora per le prima volta in traduzione originale italiana. Appartiene, dunque, alla fase produttiva dell'"ultimo Enriques"; e rientra in quel genere di scritti cui concordemente si riconosce il merito di avere introdotto fra i primi in Italia l'interesse per lo studio della storia del pensiero scientifico.

  20. Uma análise das teorias do imperialismo contemporâneo à luz da teoria marxista clássica do imperialismo

    OpenAIRE

    Leite, Leonardo de Magalhães

    2010-01-01

    Resumo: A utilização do conceito imperialismo pela tradição marxista sempre esteve relacionado à tentativas de interpretação e caracterização da realidade corrente do modo de produção capitalista. As metamorfoses pelas quais o capitalismo passava na transição entre os séculos XIX e XX ensejou a contribuição da teoria marxista no que se refere ao desnudamento destas transformações. A teoria marxista registrara que o modo de produção havia ingressado em seu segundo estágio de desenvolvimento: o...

  1. CULTURA DE PAZ E EDUCAÇÃO PARA A PAZ: OLHARES A PARTIR DA TEORIA DA COMPLEXIDADE DE EDGAR MORIN

    OpenAIRE

    NEI ALBERTO SALLES FILHO

    2016-01-01

    Este trabalho tem como objeto de pesquisa a Educação para a Paz como componente educacional de uma Cultura de Paz, sob a perspectiva da Teoria da Complexidade de Edgar Morin. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória, de caráter teórico, baseada em procedimentos bibliográficos. A questão central da pesquisa, que buscamos responder é: Quais os pressupostos teóricos que fundamentam a Educação para a Paz, como componente educacional de uma Cultura de Paz, sob a perspectiva da Teoria da ...

  2. Reparação extrapatrimonial dos danos ambientais à luz da Teoria da Complexidade de Edgar Morin

    OpenAIRE

    Zanella, Gabriel Gonzales; Marchiori Neto, Daniel Lena; de Araujo, Luiz Ernani Bonesso

    2006-01-01

    Pela teoria da reparação integral, verifica-se que o dano ao meio ambiente deve ser reparado tanto na esfera material quanto na esfera extrapatrimonial (constituída por valores primordiais, como o bem-estar, o direito à vida, à saúde, à dignidade, etc). Todavia, quanto ao segundo ponto, surge uma indagação: esses valores, quando atingidos, merecem proteção jurídica? O ordenamento jurídico brasileiro recepcionou a tese do dano extrapatrimonial ambiental? Neste sentido, o trabalho propõe uma re...

  3. O valor da moeda e a teoria dos preços dos ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando de Holanda Barbosa

    2005-06-01

    Full Text Available Este artigo usa o enfoque da teoria dos preços dos ativos na determinação do preço da moeda para apresentar uma resenha concisa sobre os seguintes tópicos da teoria monetária: i preço da moeda: bolhas versus fundamentos; ii equilíbrio múltiplo; iii indeterminação do nível de preço ; iv quantidade ótima de moeda ; v hiperinflação; vi substituição de moeda e vii rigidez do preço no curto prazo.The price of money, as the price of any financial asset, can be determined through asset pricing theory. Based on this approach, this paper presents a concise survey of the following topics of monetary theory: i price of money: bubbles versus fundamentals; ii multiple equilibria; iii price level indeterminacy; iv optimum quantity of money; v hyperinflation; vi currency substitution, and vii price of money rigidity.

  4. A literatura como cerimônia e artifício: uma teoria da leitura a partir da obra de Giorgio Manganelli

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudemir Francisco Alves

    2011-10-01

    Full Text Available Resumo: Na obra do escritor italiano Giorgio Manganelli, autor, leitor e texto se desontologizam e se tornam componentes performativos, papéis pragmáticos que fazem, da literatura, um jogo de produção de sentidos contingentes. Privilegiando a leitura de um gênero textual manganelliano aqui designado como dispersão narrativa, essa peculiar teoria da leitura é analisada à luz da teoria formal da recepção, de Karlheinz Stierle, e da antropologia literária, de Wolfgang Iser.Palavras-chave: Teoria formal da recepção; antropologia literária; Giorgio Manganelli.Abstract: Nell’opera dello scrittore italiano Giorgio Manganelli, l’autore, il lettore e addirittura il proprio testo si deontologizzano e diventano componenti di una performance, ruoli pragmatici che fanno della letteratura un gioco di produzione di sensi contingenti. Privilegiando la lettura di un genere testuale manganelliano qui designato come dispersione narrativa, questa peculiare teoria della letteratura viene analizzata alla luce della teoria formale della ricezione, di Karlheinz Stierle, e dell’antropologia letteraria, di Wolfgang Iser.Parole chiave: Teoria formale della ricezione; antropologia letteraria; Giorgio Manganelli.Keywords: Formal theory of reception; literary antropology; Giorgio Manganelli.

  5. O projecto curricular de turma : da teoria à praxis

    OpenAIRE

    Simões, Helena Isabel Pereira Lucas

    2009-01-01

    Dissertação de Mestrado em Supervisão Pedagógica apresentada à Universidade Aberta A reflexão desenvolvida ao longo deste trabalho situa-se no âmbito da Reorganização Curricular do Ensino Básico e tem como cerne o desenvolvimento curricular e os processos de colaboração que são desenvolvidos em educação. O Currículo Nacional, orientado para o desenvolvimento de competências, propõe a construção de Projectos Curriculares visando adequá-los ao contexto de cada escola e de cada...

  6. Evolucionismo darwinista? Contribuições de Alfred Russel Wallace à teoria da evolução

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Papavero

    2014-06-01

    Full Text Available Teria sido mesmo Charles Darwin o autor da teoria do processo evolutivo? Em suas pesquisas, Darwin discute mais a origem da seleção natural do que propriamente a origem das espécies. Três anos antes da publicação do artigo de Darwin, outro naturalista, Alfred Russel Wallace, publicou um trabalho propondo que todas as espécies vivas descendiam de um único ancestral comum. Foi Wallace o primeiro a notar que cada margem dos rios amazônicos podia ser habitada por espécies diferentes de macacos. Em 1858, Wallace sintetiza a teoria da seleção natural, mas ao invés de publicar a descoberta, remete-a para Darwin que, pouco tempo depois, publica A Origem das Espécies. Este artigo visa discutir quais seriam as contribuições de Wallace para as teorias evolutivas.

  7. A teoria da escolha racional na ciência política: conceitos de racionalidade em teoria política

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferejohn John

    2001-01-01

    Full Text Available O artigo sustenta que já existe uma conexão próxima na teoria política entre projetos normativos e positivos. Afirma que os autores que tradicionalmente trabalham com teoria política de forma normativa partiram de pressupostos de racionalidade, tanto porque pretendiam convencer uma audiência composta de indivíduos que presumivelmente seriam suscetíveis à razão, quanto porque uma teoria normativa trata de sujeitos inteligíveis, cujas ações podem ser compreendidas ou mesmo alteradas por mudanças no contexto institucional. Em um primeiro momento, apresenta os conceitos de racionalidade de Aristóteles, Hobbes e Rousseau e discute o seu papel em suas teorias. Em seguida, examina de que maneira esses conceitos (ou interpretações de racionalidade diferem das formas contemporâneas de compreendê-la, e defende a necessidade de que se recuperem alguns aspectos perdidos da racionalidade como ferramenta conceitual.

  8. Uma filosofia da história tornada sóbria sobre o papel da filosofia da história na teoria crítica da sociedade de Jürgen Habermas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Georg Lohmann

    2013-12-01

    Full Text Available Após uma parte introdutória sobre o estatuto da filosofia da história como conhecimento, o texto procura analisar o corte efetuado por Habermas em sua trajetória teórica visando livrar sua teoria social daquela filosofia e, consequentemente, superar as teses acerca da construção de um sujeito da história e da exequibilidade da história. Com essa análise procura-se diagnosticar as transformações fundamentais que esse corte ou rejeição, por parte de Habermas, do pensamento próprio da filosofia da história trouxe para a sua teoria crítica da sociedade, e também apontar os rudimentos e traços daquela filosofia nessa teoria.

  9. Resposta ao estresse: I. Homeostase e teoria da alostase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Bernardete Cordeiro de Sousa

    2015-03-01

    Full Text Available ResumoOs seres vivos desenvolvem ao longo de sua história evolutiva mecanismos de enfrentamento às condições adversas originadas tanto no ambiente geofísico como no ambiente social. Esta resposta adaptativa é coordenada e envolve diferentes sistemas funcionais, particularmente, os sistemas nervoso, endócrino e imune, e é denominada de resposta ao estresse e deve atender a duas demandas principais da vida: sobrevivência e reprodução. Esta revisão tem o objetivo de discutir o emprego do conceito clássico de homeostase e um conceito alternativo, alostase, que inclui os mecanismos preditivos e reativos de regulação, assim como os diferentes níveis de impacto dos estressores crônicos, resultando em sobrecarga alostática que pode ou não se seguir de falha alostática. Os mecanismos neurais, hormonais, imunes, sistêmicos e moleculares, que compreendem os sistemas alóstaticos subjacentes à resposta ao estresse são também apresentados.

  10. O carácter anti-ideológico da Teoria Pura do Direito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Albuquerque

    2016-04-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2177-7055.2016v37n72p169 O presente trabalho busca analisar a possibilidade de uma Ciência jurídica pura, livre de influências externas, em especial, livre de ideologias. A ideia de um Direito sem ideologias foi fruto da modernidade, que apregoava a necessidade de métodos científicos rígidos. Na tentativa de demonstrar o caráter científico do Direito, Hans Kelsen formulou sua Teoria Pura do Direito, que, em última instância, buscava afastar o caráter metafísico do Direito, bem como as ideologias. Foi realizada uma investigação bibliográfica, utilizando como fonte primária o estudo realizado por Arnaldo Vasconcelos sobre a obra de Hans Kelsen, Teoria Pura do Direito: repasse crítico de seus principais fundamentos. Finalmente, chega-se à conclusão de que há a impossibilidade de uma Ciência Jurídica pura e que a própria “Teoria Pura do Direito” encontra-se impregnada por ideologias próprias de seu tempo.

  11. Valor e distribuição: da teoria à norma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariano F. Enguita

    2000-12-01

    Full Text Available Abordar a problemática da desigualdade ou, mais precisamente, da justiça económica, requer partir de um critério distributivo contra o qual confrontar a distribuição realmente existente. Locke propôs uma teoria ou norma da apropriação original referida à distribuição dos recursos naturais, mas foi incapaz de resolver o problema da justiça intergeracional. Marx formulou uma teoria do valor-trabalho incapaz de explicar porque é que o emprego da própria actividade como trabalho, em vez do seu consumo como ócio, daria direito à apropriação do excedente, enquanto o uso da riqueza como capital, em vez do seu consumo como renda, não. Rawls propõe uma teoria liberal da justiça, o princípio de diferença, a qual admite as desigualdades desde que permitam melhorar a posição do mais desfavorecido. Neste artigo defende-se a pertinência dos três problemas, que concernem, respectivamente, à apropriação dos recursos naturais (e, por extensão, da riqueza herdada e dos produtos do trabalho, e ao incentivo de contribuições extraordinárias. Mas propõe-se, também, a sua correcção: do primeiro, substituindo a apropriação original pelas dotações iniciais para dar lugar à igualdade entre gerações; do segundo, recorrendo a uma norma do valor trabalho ampliada que inclua a retribuição do capital; do terceiro, enfim, substituindo a sua acepção, sem mais, pela ideia de repartir a diferença, isto é, de reduzir a recompensa pelas contribuições extraordinárias ao incentivo necessário para as mesmas.

  12. Teoria da reciprocidade e sócio-antropologiado desenvolvimento Theory of reciprocity and social anthropology of development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eric Sabourin

    2011-08-01

    Full Text Available No momento em que o ensino da sociologia do desenvolvimento está declinando nas universidades européias e, em menor grau, nas latino-americanas, afirma-se uma renovação da teoria da reciprocidade, precisamente nesse campo e no da economia social, a partir da antropologia e da sociologia econômica. O artigo trata, portanto, da contribuição da teoria da reciprocidade para a sócioantropologia do desenvolvimento. Divide-se em duas partes. A primeira apresenta brevemente os precursores e os fundamentos da teoria da reciprocidade. A segunda ilustra, a partir de alguns exemplos contemporâneos, a aplicação dessa teoria à sócio-antropologia do desenvolvimento rural. As considerações finais tratam dos limites e novas perspectivas heurísticas dessa teoria.At a time when the teaching of sociology of development is fading from European universities, and to a lesser extent in Latin America, appears a renewal of the theory of reciprocity in this field of social economy, coming from anthropology and sociological economics. The article presents the contribution of the theory of reciprocity to a socio-anthropology of development. It is divided into two parts. The first briefly presents the forerunners and foundations of the theory of reciprocity. The second illustrates, from some contemporary examples, applying this theory to socio-anthropology of rural development. The conclusion presents the limits and some new heuristic perspectives of this theory.

  13. Novas e velhas abordagens da teoria da escolha e da utilidade

    OpenAIRE

    Wagner, Sergio Artur Luz

    2009-01-01

    Até pouco tempo havia apenas um posicionamento frente o dilema da escolha envolvendo o risco, que era baseado no processo do indivíduo racional. Atualmente, com novas técnicas de compreensão do risco e principalmente do complexo instituto da incerteza, já é possível de se delimitar o que leva as pessoas a decidirem e a se equivocarem em alguns processos de decisão. Neste trabalho apresentaremos um pequeno resumo histórico dos processos, visando certa linha de pensamento, no que tange aos meca...

  14. Componentes da teoria social de aprendizagem numa ferramenta para ensino na Enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Regina Cubas

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:identificar componentes fundamentais da teoria social de aprendizagem numa ferramenta computacional para auxílio ao ensino do processo de raciocínio para elaboração do diagnóstico de enfermagem.Método:estudo qualitativo que analisou o discurso, coletado por meio de grupo focal, de 18 professores e estudantes de duas escolas de enfermagem brasileiras.Resultados:os temas foram agrupados em quatro categorias relacionadas aos componentes da teoria e em 13 subcategorias.Conclusão: o significado da aprendizagem pode ser ampliado pela didática do professor e evidenciado pela relação entre a sistematização e o raciocínio; para aprender fazendo são necessários pré-requisitos e um processo de motivação e capacitação, que também é inerente à aprendizagem pela formação de identidade no grupo; no sentimento de pertencimento a um determinado grupo tornaram-se visíveis aspectos relacionados à profissão em detrimento do pertencimento a uma comunidade de prática de aprendizagem.

  15. O Postulado do Usuário: incentivo ao desenvolvimento da Teoria da Contabilidade e do Contabilista

    OpenAIRE

    Pinheiro,Fábio Araújo

    1997-01-01

    Este artigo abordou a sugestão de novo postulado para a Ciência Contábil: o Postulado do Usuário. Sua criação se faz necessária para desenvolver a Teoria da Contabilidade e parar a perda de relevância dos Contabilistas. Parece inegável que os profissionais da Contabilidade não conseguem satisfazer todos os sues clientes, fazendo com que a própria Contabilidade caia em descrédito. Há necessidade da Contabilidade voltar-se para o usuário, seguindo a uma tendência da economia mundial, e fomentar...

  16. Repensando a escolha racional e a teoria da agência: fazendeiros de gado e capatazes no século XIX

    OpenAIRE

    Monsma Karl

    2000-01-01

    O artigo explora o valor e os limites da teoria da agência por meio da comparação das relações entre fazendeiros de gado e capatazes no Rio Grande do Sul e em Buenos Aires nas primeiras décadas do século XIX. Considera que a teoria da agência e a abordagem da escolha racional baseiam-se em uma teoria da ação deficiente, pressupondo atores pré-sociais, que usam uma racionalidade universal, embora possam ser úteis para identificar certos dilemas centrais na relação entre principal e agente e pa...

  17. O mundo e os mundos da arte de Arthur C. Danto: uma teoria filosófica em dois tempos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Silveira

    Full Text Available O artigo apresenta duas versões temporalmente afastadas da noção de "mundo da arte" formuladas pelo filósofo Arthur C. Danto (1924-2013. A primeira, apresentada no clássico artigo de 1964 "The artworld", em resposta a seu círculo filosófico mais próximo, e diante da aparente radicalidade dos exemplares exibidos como obras de arte naquele período; e a segunda, apresentada no ensaio "The art world revisited: comedies of similarities", de 1992, como uma tentativa cabal de afastar sua teoria da sombra da Teoria Institucional de George Dickie e da noção de mundo da arte ali implicada.

  18. ESCOLAS DO PENSAMENTO ESTRATÉGICO: UMA CONTRIBUIÇÃO A PARTIR DA TEORIA DOS JOGOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdir Antonio Vitorino Filho

    2009-07-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo caracterizar as escolas de pensamento estratégico proposta por Mintzberg sob o enfoque da Teoria dos Jogos. A literatura sobre Teoria dos Jogos evoluiu significativamente nos últimos anos e pode ser entendida como o estudo de interações estratégicas entre empresas, para entender o processo de decisão de agentes que interagem entre si, a partir da compreensão lógica da situação em que estão envolvidos. O artigo apresenta a visão em Teoria dos Jogos e a possibilidade de interação com as escolas do pensamento estratégico no ambiente de negócios. Este ensaio contribui para o entendimento das escolas e sua aplicabilidade no comportamento estratégico das organizações.

  19. Análise dos Fundamentos da Teoria Baseada nos Recursos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António José Pinto Pedrosa

    2014-09-01

    Full Text Available Frequentemente as hipóteses da teoria baseada nos recursos (RBV são testadas utilizando uma abordagem centrada na heterogeneidade dos recursos, permitindo apenas identificar que recursos ou capacidades específicas devem ser exploradas para alcançar a vantagem competitiva. Neste artigo, utilizamos uma abordagem conceptual procurando testar se as combinações de recursos e capacidades com valor, raridade e inimitabilidade, mais do que a sua especificidade, determinam maior vantagem competitiva e performance. Os resultados obtidos de 368 questionários validados por gestores de empresas de vários setores económicos portugueses corroboram as hipóteses de que, o aumento do valor, da raridade e da inimitabilidade das combinações testadas eleva a vantagem competitiva da empresa e, que a performance é alcançada por esta via. As conclusões são de interesse para o desenvolvimento da investigação no campo da gestão estratégica e, para os gestores possibilitando-lhes a tomada de decisões estratégicas com base no valor, raridade e inimitabilidade das combinações de recursos com capacidades da sua empresa. DOI:10.5585/riae.v13i2.2092

  20. Mecanomorfia educacional: uma crítica a partir da teoria comportamentalista de Alberto Guerreiro Ramos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everton Marcos Batistela

    2014-09-01

    Full Text Available A crítica da modernidade se tornou debate comum nas últimas décadas do século XX, empreendida por autores preocupados com a construção de alternativas societárias. Uma das linhas teóricas centrais do debate refere-se ao conceito de racionalidade, tendo sido preocupação central em Weber, Mannheim, Horkheimer, Adorno e outros. Alberto Guerreiro Ramos, expoente sociólogo brasileiro da segunda metade do século XX, propõe uma crítica da modernidade pela perspectiva de sua racionalidade organizacional, condensada em sua Teoria da Síndrome Comportamentalista. Essa teoria tenta compreender os fundamentos e as dimensões básicas da razão moderna: Individualismo, Perspectivismo, Formalismo e Operacionalismo. Em suma, a teoria mostra que vivemos imersos numa razão centrada no mercado, que fomenta comportamentos em detrimento da ação (criativa e que reduz a capacidade racional humana aos seus aspectos instrumentais e mercadológicos. A partir disso, tentaremos compreender em que medida a racionalidade moderna acaba forjando um paradigma educacional funcionalista, reprodutivista e mecanomórfico. The critic of the modernity became common debate in the last decades of the century XX, undertaken by authors worried with the construction of alternative partners. One of the central theoretical lines of the debate refers to the concept of rationality of the modernity, having been central concern in Weber, Mannheim, Horkheimer, Adorno and others. Alberto Guerreiro Ramos, exponent Brazilian sociologist of the second half of the century XX, proposes a critic of the modernity for the perspective of its rationality organizacional, condensed in its Syndrome Theory Behavioral. That theory tries to understand the foundations and the basic dimensions of the modern reason: individualism, perspectivism, formalism and operationalism. In highest, the theory shows that lived immerged in a reason centered in the market, that foments behaviors in detriment of

  1. A Dicotomia da Alfabetização: Teoria Estadual versus Prática Escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Lohn

    2013-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-4512.2013n27p168 A habilidade de alfabetizar, de capacitar a criança a participar ativamente do mundo que lhe cerca, possibilitando-a o conhecimento do universo escrito através de sua compreensão da leitura e da escrita, é, se não a mais sublime, uma das mais belas artes cabíveis ao ser humano. Diante de tal percepção a respeito da alfabetização, objetiva-se, no presente trabalho, analisar a relação existente entre a teoria de alfabetização expressa na Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina e a prática docente desenvolvida por professoras alfabetizadoras em uma escola estadual de São Pedro de Alcântara. Como forma de embasamento, foram tomadas como referência duas educadoras de turmas de 1ª Série do Ensino Fundamental – Séries Iniciais. A coleta de dados para formulação desse estudo provém da Proposta Curricular Catarinense (2005, a pesquisa de informações no Projeto Político Pedagógico da Unidade Escolar em questão, pesquisa bibliográfica, além de questionários fornecidos às regentes de turmas e a observação de suas práticas docentes. O confronto da teoria com a prática demonstra que a concepção de alfabetização Estadual está, ao menos no documento, voltada para as teorias Histórico-cultural (Vygotsky e Dialógica (Bakthin, enquanto que as professoras estão bastante embasadas em um método, segundo elas, eclético o qual, para elas, mistura o tradicional com outros. Logo, torna-se evidente a dissociação real entre a idéia sugerida pelo Estado e a realidade encontrada nesse estabelecimento educacional.

  2. Representação psíquica e teoria da linguagem nos textos iniciais freudianos: um estudo da monografia sobre as afasias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érico Bruno Viana Campos

    2010-04-01

    Full Text Available Este artigo aborda o tema da representação psíquica e sua vinculação com a linguagem na obra inicial de Freud. Apresenta os aspectos gerais da teoria da representação implícita no texto sobre as afasias e problematiza a leitura desses conceitos sob uma perspectiva contemporânea de linguagem. Defende que a teoria da representação, desde o início, está para além da estrutura da linguagem, pois essa abordagem é secundária à investigação do sentido das produções do inconsciente e das pulsões. Conclui que uma abordagem da representação sob o prisma da linguagem é um passo necessário, porém insuficiente, para o estudo da metapsicologia freudiana.

  3. A teoria do adimplemento substancial e o princípio da boa-fé objetiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aliciene Bueno Antocheves de Lima

    2007-08-01

    Full Text Available Este artigo trata da relativização do direito do credor de resolver o contrato por inadimplemento, a partir da aplicação da doutrina do adimplemento substancial. Mostra-se ainda a relação desta teoria com o princípio da boa-fé objetiva,e como ela é aplicada no direito brasileiro. Será também analisada a origem da teoria do substancial performance, e como ela influenciou os tribunais brasileiros no julgamento de casos de resolução de contratos, primando pela conservação da relação obrigacional sempre que possível.

  4. Teoria Crítica e solidariedade: potencialidade normativa da ação social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Henrique Sousa Assai

    2016-04-01

    Full Text Available Habermas apresenta amiúde a tarefa profícua da Teoria Crítica enquanto uma forma crítico-reflexiva que se orienta pela ação social na qual subjaz uma determinada práxis. Só que agir socialmente, de acordo com o pensamento habermasiano, é também vincular a subjetividade a uma compreensão normativa e isso significa, em sua vasta pesquisa crítica, associar o sujeito transcendental ao ser social destranscendentalizado que visa o ordenamento social emancipado. Esse argumento suscita repensar não só o conceito de razão, mas, sobretudo, relocar a questão da razão (des transcendental como um fundamento para a solidariedade e isso porque esta seria, se a investigação estiver minimamente correta, um possível medium normativo para a práxis social cujo fundamento filosófico se dá em uma concepção racional destranscendentalizada. Pretendo explicitar o argumento de que a solidariedade pode ocupar uma tarefa mais do que puramente cívica – e, sim, normativa – no intuito de que ela se apresente como potencialidade normativa de um pensar filosófico na Teoria Crítica.

  5. A teoria husserliana da doação perceptiva por perfis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilo Saretta Veríssimo

    Full Text Available Resumo Neste artigo, tratamos da teoria da percepção na filosofia de Edmund Husserl. Apresentamos e discutimos a descrição do modo originário de doação da coisa percebida, que, segundo o filósofo, se dá em meio a horizontes de percepção marcados por uma multiplicidade inesgotável de perfis perceptivos. Nosso problema específico consiste em evidenciar, em meio à descrição do processo perceptivo por parte de Husserl, a conjugação de três elementos da investigação fenomenológica: a unidade intencional da consciência perceptiva, o eu corpóreo e a dinâmica de presença e ausência que caracteriza o campo perceptivo. Orientamo-nos pela hipótese de que a ligação entre esses elementos configura uma condição afetiva da intencionalidade que se sustenta no impercebido.

  6. Fantasia e teorias da sedução em Freud e em Laplanche

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lea Silveira Sales

    Full Text Available Os elementos fornecidos por Freud ao teorizar sobre as fantasias inevitavelmente conduzem a dúvidas e obscuridade. O objetivo do presente artigo foi percorrer as indagações decorrentes do tratamento freudiano do problema, tomando como base, além de seus próprios textos, o desenvolvimento sugerido por Pontalis e, principalmente, por Laplanche na construção de sua teoria da sedução generalizada, que se desdobra especialmente nos conceitos significante enigmático e objeto-fonte da pulsão. Com isso, Laplanche torna possível a argumentação de que a sedução não é apenas um acontecimento pontual, mas aquilo que permite pensar as origens do sujeito psíquico no que ele possui de universal.

  7. Revisitando alguns conceitos da teoria do apego: comportamento versus representação?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Regina Röhnelt Ramires

    Full Text Available Este artigo propõe uma releitura de alguns conceitos da teoria do apego, especialmente os de apego, comportamento de apego e modelo representacional interno. Visa discutir tais conceitos à luz das concepções de Bowlby e de autores contemporâneos. A dicotomia entre comportamento e representação do apego é questionada, bem como a estabilidade e unicidade do modelo representacional interno, com base na análise das contribuições dos principais teóricos desse campo, especialmente na vertente psicanalítica. Discute-se a importância da dimensão representacional e seu papel regulador das emoções e organizador do self, as implicações desses papéis para a Psicologia Clínica e do Desenvolvimento e para futuros estudos.

  8. A influência do conceito de conteúdo de Twardowski na teoria da intencionalidade de Husserl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sávio Passafaro Peres

    2015-12-01

    Full Text Available Nas Investigações Lógicas (1900/1901, Husserl defende que a fundamentação epistemológica da lógica pura exigia uma determinada teoria da intencionalidade, em que se distinguisse ato, conteúdo e objeto. Husserl encontra inspiração para essa teoria da intencionalidade na obra de Kazimierz Twardowski, Sobre o conteúdo e o objeto das representações (1894. Husserl aceita a tese de Twardoswski, de que o conteúdo faz a mediação entre o ato e o objeto. Mas Husserl, em virtude de seu antipsicologismo, reformula a teoria de Twardowski, ao assumir que a significação é um conteúdo ideal e não um conteúdo psíquico. Isso traz o problema, em Investigações Lógicas, da apreensão do significado ideal por um sujeito real, problema esse que encontra sua solução na teoria da instanciação.

  9. A nova hermenêutica e teoria da recepção em Jauss e Ricoeur

    OpenAIRE

    Cleiton de Souza, Jefferson

    2011-01-01

    Esta dissertação tem por objetivo investigar como a Nova Hermenêutica de orientação fenomenológica e ontológica, proposta por Martin Heidegger e sistematizada por Hans-Georg Gadamer, dialogou com as teorias da recepção de Hans Robert Jauss e Paul Ricouer. Para tanto, buscou-se averiguar como as conquistas da Nova Hermenêutica foram assimiladas pelas teorias da recepção desenvolvidas por Hans Robert Jauss, através da Estética da Recepção, na Alemanha, assim como pelo filósofo francês Paul Rico...

  10. TEORIA INSTITUCIONAL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO DA ÚLTIMA DÉCADA NA WEB OF SCIENCE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francies Diego Motke

    2016-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é analisar as características das publicações relacionadas à Teoria Institucional no período de 2005 a 2014. Para isso, utilizou-se da base Web of Science da ISI Web of Knowledge buscando a identificação das principais áreas temáticas, autores, instituições, título das fontes, países, idiomas e ano destas publicações. Além disso, 20 tópicos foram relacionados com esta a Teoria Institucional para o cálculo do índice h-b, índice m e identificação dos hot topics, de acordo com a metodologia de Banks (2006. Os resultados revelam que o maior número de publicação pertence aos autores Lai e Wright, publicado majoritariamente no periódico Journal of Business Ethics, com destaque à instituição University of Nottingham, concentrado principalmente nos Estados Unidos e redigidos em inglês. Identificou-se que Mudanças institucionais, Estratégia, Empreendedorismo, Inovação, Teoria da Agência, Economias emergentes, Governo e Teoria Baseada em Recursos são hot topics relacionados à Teoria Institucional. Através da comparação dos artigos mais citados com os autores com maior número de publicações identificou-se que Sarkis, Meyer, Marquis, Zhu e Dacin podem ser considerados como referências em estudos que contemplem a Teoria Institucional.

  11. Teoria da Ação Comunicativa e responsabilidade social empresarial: uma proposta de pesquisa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvon Pesqueux

    Full Text Available Neste artigo, empreendemos uma revisão da Teoria da Ação Comunicativa e propomos uma agenda de pesquisa sobre a adoção de fóruns de debate de inspiração habermasiana nas organizações, visando à fixação de agendas de desenvolvimento sustentável para diversos setores da economia. Como a responsabilidade social da empresa diz respeito à implementação, por parte dela, de ações de desenvolvimento sustentável, considera-se que deva estabelecer uma agenda de desenvolvimento sustentável tendo em vista sua atuação em setores específicos da economia. Assim, a pauta de desenvolvimento de produtos, serviços e tecnologias que obedeçam às diretrizes de desenvolvimento sustentável deve ser fixada de acordo com critérios substantivos a ser debatidos em fóruns de comunicação de inspiração habermasiana.

  12. Teoria e clínica psicanalítica da psicose em Freud e Lacan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Coelho dos Santos

    2012-03-01

    Full Text Available Vamos demonstrar que o tema da psicose é tratado por Freud, tanto clínica quanto teoricamente, com base em sua prática com as neuroses - tendo como pilar conceitual o mecanismo do recalque (Verdrängung. A segunda tópica do funcionamento mental e os desdobramentos da teoria do narcisismo permitem um passo adiante na concepção freudiana da psicose. A diferença estrutural determinante entre as psicoses e as neuroses de transferência é formalizada por Freud em 1924. O paradigma do recalque e suas modalidades de defesa são finalmente abandonados como modelo elucidativo dos fenômenos psicóticos. Seu mecanismo específico será redefinido como rejeição (Verwerfung. Lacan nomeia esse mecanismo como foraclusão do Nome-do-Pai, cuja falta explica a ausência do sujeito da enunciação. Na ausência deste mediador simbólico, a diferença sexual não se ordena sob a rubrica da lógica fálica e do complexo de castração.

  13. Inter-relação dos propósitos da teoria de peplau com o cuidado ao diabético

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Barroso Camila de Ataíde

    2002-12-01

    Full Text Available Ante a amplitude contextuai da ação da Enfermagem, suas teorias precisam ser refletidas para que possamos acessar o real significado das idéias explicitadas pelas teóricas e, com isto possibilitar que os enfermeiros, as considerem e as incorporem na prática profissional .. Neste artigo, descrevemos a teoria de enfermagem desenvolvida por Hildegard Peplau, buscando ainda estabelecer uma conexão desta teoria com o modo de cuidar do diabético. A construção deste estudo proporcionou não apenas conhecer os propósitos desta teoria, mas principalmente a urgência de sua utilização (ou de uma outra teoria no âmbito da cotidianidade da nossa prática de cuidado com o diabético.

  14. Inter-relação dos propósitos da teoria de peplau com o cuidado ao diabético

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Barroso Camila de Ataíde

    Full Text Available Ante a amplitude contextuai da ação da Enfermagem, suas teorias precisam ser refletidas para que possamos acessar o real significado das idéias explicitadas pelas teóricas e, com isto possibilitar que os enfermeiros, as considerem e as incorporem na prática profissional .. Neste artigo, descrevemos a teoria de enfermagem desenvolvida por Hildegard Peplau, buscando ainda estabelecer uma conexão desta teoria com o modo de cuidar do diabético. A construção deste estudo proporcionou não apenas conhecer os propósitos desta teoria, mas principalmente a urgência de sua utilização (ou de uma outra teoria no âmbito da cotidianidade da nossa prática de cuidado com o diabético.

  15. Freud, as neurociências e uma teoria da memória

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josiane Cristina Bocchi

    2012-01-01

    Full Text Available Alguns estudos têm demonstrado que conceitos psicanalíticos e observações neurocientíficas recentes podem ser complementares, contribuindo para um melhor entendimento de determinados processos psicobiológicos. Esses estudos também sugerem a possibilidade de interpretação de conceitos psicanalíticos a partir de sua aproximação com as neurociências. O presente trabalho investiga possíveis relações entre uma teoria da memória proposta por Freud e concepções neurocientíficas que surgem a partir da segunda metade do século XX, com base em observações clínicas (o caso do paciente H. M. e experimentais (o conceito de potenciação de longa duração, LTP. Primeiramente, são apresentadas as ideias de Freud sobre processos mnemônicos que fundamentam a construção de um "Eu", da obra Projeto para uma psicologia científica (1950/1976. Posteriormente, as principais observações que subsidiaram a construção de uma teoria neurobiológica sobre a memória são analisadas. Conclui-se que o modelo dinâmico adotado pela neurociência contemporânea encontra paralelos em conceitos freudianos do final do século XIX.

  16. Microeconomia Dinâmica e Desenvolvimento Regional à Luz da Teoria Evolucionária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Magno de Melo Faria

    2011-05-01

    Full Text Available O presente artigo procura lançar luzes sobre a discussão da Teoria Evolucionária, teoria esta que visa encontrar os determinantes do desenvolvimento econômico e social das nações. Discute também as estruturas de mercado em ambientes competitivos e suas relações com a geração de tecnologia. A partir dos fatos estilizados, esta matriz teórica explicita que as firmas são as unidades básicas de acumulação de capital, complexas e especializadas, que estão constantemente sendo selecionadas em função de seu comportamento e sua tecnologia. Conclui-se o artigo afirmando que a evolução tecnológica é a principal variável no processo seletivo das firmas e que, em última instância, será essa que irá determinar o grau de desenvolvimento regional.

  17. O senso comum, a história e a Teoria da Relatividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Mamone Capria

    1999-05-01

    Full Text Available É discutida a relação entre a física moderna e o senso comum investigando se há qualquer papel significativo deixado posteriormente na atividade científica. É mostrada que a opinião comum é necessária em algumas das decisões mais cruciais que um investigador tem que fazer em seu trabalho. A história de uma teoria física notoriamente contra-intuitiva (i. e. relatividade é citada para fornecer exemplos em defesa desta reivindicação, e são discutidos alguns aspectos pouco conhecidos da recepção desta teoria pela comunidade científica. É descrito brevemente um modelo simples de comportamento coletivo que conduz a formação de um consenso, como exemplo de um argumento não técnico que é, no entanto, útil, dando sentido à atividade científica. São esboçadas, na seção final, algumas indicações para o ensino de ciência que surge desta investigação.

  18. Da precarização do trabalhador portuário avulso a uma teoria da precariedade do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Maria de Araújo

    2013-12-01

    Full Text Available A reestruturação organizacional dos portos, a dinâmica tecnológica e um quadro de privatização crescente, desde os anos 1990, criaram um novo referencial para o trabalho, mudando relações técnicas e sociais de categorias históricas, como os estivadores e arrumadores (capatazia. A desregulamentação "oficial" do trabalho portuário, no Brasil, data da implantação do sistema de escala eletrônica. Com sua atividade laboral intermitente e condições contratuais inconsistentes, a situação de precarização dos trabalhadores portuários avulsos antecede as reformulações políticas neoliberais e instiga a proposição de uma teoria da precariedade do trabalho.

  19. Processamento cognitivo "Teoria da Mente" no transtorno bipolar Cognitive "Theory of Mind" processing in bipolar disorder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Anderson Tonelli

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O transtorno afetivo bipolar está associado ao comprometimento funcional persistente. Apesar de muitas pesquisas demonstrarem que bipolares podem apresentar déficits cognitivos, um número menor de trabalhos avaliou o papel de prejuízos no processamento cognitivo social, a Teoria da Mente (relacionado à capacidade de inferir estados mentais, no aparecimento de sintomas e complicações sociais em bipolares. O objetivo deste trabalho é o de revisar sistemática e criticamente a literatura sobre possíveis alterações do processamento Teoria da Mente no transtorno afetivo bipolar. MÉTODO: Foi realizada uma busca na base de dados Medline por trabalhos publicados em língua inglesa, alemã, espanhola ou portuguesa nos últimos 20 anos, utilizando a frase de busca "Bipolar Disorder"[Mesh] AND "Theory of Mind". Foram procurados por estudos clínicos envolvendo indivíduos bipolares e que empregaram uma ou mais tarefas cognitivas desenvolvidas para a avaliação de habilidades Teoria da Mente. Foram excluídos os relatos de caso e cartas ao editor. A busca inicial resultou em cinco artigos, sendo selecionados quatro. Outros quatro foram também selecionados a partir da leitura dos artigos acima. DISCUSSÃO: Os artigos selecionados avaliaram populações de bipolares adultos e pediátricos, incluindo indivíduos eutímicos, maníacos e deprimidos. A maioria dos trabalhos avaliados sugere que existam prejuízos no processamento Teoria da Mente em portadores de transtorno afetivo bipolar e que estes podem estar por trás dos sintomas e dos déficits funcionais do transtorno afetivo bipolar. CONCLUSÃO: Pesquisas futuras a respeito do tema em questão poderão esclarecer muito acerca do papel das alterações sociocognitivas no surgimento dos sintomas do transtorno afetivo bipolar, bem como ajudar no desenvolvimento de estratégias preventivas e terapêuticas do mesmo.OBJECTIVE: Bipolar disorder is associated to persistent functional

  20. Modernidade e diversidade: reflexões sobre a controvérsia entre teoria da modernização e a teoria das múltiplas modernidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volker H Schmidt

    2011-08-01

    Full Text Available O artigo revisita a reivindicação de convergência da teoria da modernização, fortemente criticada pelos teóricos das modernidades múltiplas, que sustentam que realidades emergentes não confirmam suas premissas subjacentes. Baseado em uma leitura completa dos textos clássicos, o artigo reconstrói o significado do termo, dentro de um quadro de referência da teoria da modernização e, então, considera a evidência que os teóricos das modernidades múltiplas apresentam contra o mesmo. O artigo sustenta que nenhuma das observações citadas pelos teóricos mais proeminentes das modernidades múltiplas são capazes de desafiar a teoria da modernização, que pode acomodar facilmente os tipos de diferença evocados por seus críticos. A modernidade do Leste Asiático, em particular, à qual os dois lados atribuem um peso especial para qualquer teste da teoria da modernização, parece notavelmente semelhante à modernidade ocidental quando observada através das lentes dessa teoria. Ao mesmo tempo, a literatura sobre as modernidades múltiplas, apesar de alegar que leva a diferença muito a sério, silencia acerca das diferenças que amplas partes do mundo menos desenvolvido exibem frente ao Ocidente e ao Leste Asiático, em aspectos socioestruturais e culturais, que indicam diferentes graus de modernização. O artigo conclui com uma nota breve sobre o peso diferenciado dos vários tipos de diversidade para os diferentes problemas de referência e com uma sugestão para uma resolução construtiva do conflito entre as duas abordagens.The article revisits modernization theory's convergence claim, which has been strongly criticized by multiple modernists, who maintain that emerging realities have not borne out its underlying premises. Based on a thorough reading of classical texts, the article reconstructs the term's meaning within a modernization-theoretical frame of reference and then considers the evidence that multiple modernists hold

  1. Palavra e Poder: uma análise das publicações da Revista Brasileira de Estudos Políticos à luz das teorias de Foucault

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celina Pereira

    2016-06-01

    Full Text Available A partir da genealogia do poder e da teoria do discurso de Michel Foucault, o ensaio examina publicações da Revista Brasileira de Estudos Políticos que tratam direta ou indiretamente da temática do poder e discute os fundamentos para o alcance e o impacto da RBEP.

  2. O LIVREIRO DE CABUL À LUZ DA TEORIA DE GÊNERO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marusa Bocafoli da Silva

    2014-07-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo analisar as relações de gênero presente na obra "O Livreiro de Cabul" da jornalista norueguesa Asne Seierstad. A autora retrata o cotidiano vivido pelas mulheres no Afeganistão. Nessa sociedade a tradição e a religião atuam como legitimadores e perpetuadores de preconceitos sexistas e o apego da população por esses valores é responsável pela naturalização desses preconceitos. A burca, vestimenta obrigatória durante o regime Talibã e ainda utilizada pelas mulheres de famílias mais tradicionais é o sinal de invisibilidade das afegãs. Por outro lado, verifica-se hoje alguns avanços, entretanto, as permanências se sobressaem. Derrubar as barreiras da tradição se mostra extremamente difícil nessa sociedade por envolver poder e privilégios que estão nas mãos do homens. As mulheres retratadas pela autora vivenciam uma situação de inferioridade social que pode ser compreendida e analisada através da teoria de gênero.

  3. Aspectos energéticos da teoria cinética dos gases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robert Saraiva Matos

    2014-12-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE Neste artigo, discutem-se aspectos energéticos relacionados à Teoria Cinética dos Gases (TCG. Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica. Os dados foram coletados através do levantamento das fontes, por meio de textos técnicos, publicações científicas e livros didáticos. Através da interpretação energética da TCG foi possível discutir a rota para o equilíbrio térmico, a transferência de partículas entre níveis de energia devido à variação na temperatura e também demonstrar a distribuição de Maxwell-Boltzmann-Gibbs. Além disso, notou-se que a visão energética das TCG fornece uma ponte entre colisões e transações financeiras. Conclui-se que a abordagem energética da TCG possui importância crucial para o entendimento dos fundamentos da Física Térmica, sobretudo no Ensino Médio, onde estes estudos possuem uma demanda significativa na disciplina de Física

  4. Hermenêutica, teorias da representação e da argumentação no campo da comunicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Carlos Lopes

    2011-01-01

    Full Text Available Este texto pretende explorar as possibilidades de uso da hermenêutica, das  teorias da representação e da argumentação no campo da comunicação. Deseja-se verificar os problemas de uma possível superação do paradigma informacional, baseado nas teorias da propaganda e da informação (matemática e não-matemática que tanto influenciaram a constituição do campo dos estudos comunicacionais, instituído no pós-guerra. Deseja-se discutir os aspectos universais e locais (latino-americanos de uma possível epistemologia da comunicação considerando tanto as incursões teóricas como a realidade prática em que estamos envolvidos. Quer-se, a partir de um balanço de algumas das opções teóricas existentes, contribuir para a construção de novos paradigmas científicos. Estes estariam relacionados às mudanças contemporâneas -  em gestação -  em nossas realidades materiais e simbólicas, pautadas na centralidade social, cultural e econômica do processo comunicacional e informacional.

  5. Crimes licitatórios à luz da Teoria do Bem Jurídico Penal

    OpenAIRE

    Zan, Marcela Albuquerque

    2016-01-01

    O presente trabalho, sem a pretensão de esgotar o assunto, pretende oferecer um exame sistemático atinente aos crimes licitatórios à luz da Teoria do Bem Jurídico Penal. Examinando separadamente a evolução histórica do bem jurídico, seu conceito e funções, consagramos sua importância no Estado Social e Democrático de Direito. É instituto essencial a conferir base empírica ao Direito Penal e vinculação deste com a realidade dos valores sociais. Estendendo o estudo à Constituição Federal, co...

  6. Um teste direto da teoria de renda permanente: o caso brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Augusto Reis Gomes

    2012-01-01

    Full Text Available O presente artigo busca averiguar se a teoria da renda permanente (TRP é capaz de explicar a evolução do consumo no Brasil através de um teste direto com base em revisões de consumo induzidas por inovações na renda. De acordo com a TRP, o consumo reage às mudanças na renda na medida em que a renda corrente contem informação sobre a renda permanente. Para mensurar esta relação, foi estimado um modelo ARIMA (p,1,q para a renda corrente e, como resultado, foi possível verificar se as revisões de consumo e renda permanente se assemelham. Por fim, a TRP foi rejeitada.

  7. A teoria da dependência na América Latina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Toledo Machado

    1999-04-01

    Full Text Available A DENOMINADA TEORIA da dependência é observada sob os aspectos político e de economia política, tendo em vista impugná-la como proposta teórica em si mesma, dada a ausência de elementos metodológicos significativos e de conteúdo inovador. A idéia de que existe dependência é simplesmente tautológica. A rigor, não existe teoria da dependência, mas simplesmente a dependência como processo histórico dentro do sistema internacional de relações de força e poder. Os debates acadêmicos na Cepal trataram do desenvolvimento capitalista na periferia, mais precisamente das conseqüências do capitalismo central na América Latina, capítulo das interpretações relacionadas com o desenvolvimento/subdesenvolvimento, envolvendo o papel dos denominados agentes históricos nas mudanças sociais. O reducionismo dos colecionadores de borboletas nas ciências sociais, ao buscar uma tipologia de dependência, não cria teorias novas, senão generalidades ambíguas.THE SO-CALLED DEPENDENCE theory is here scrutinized in its political aspects and as political economy, with the purpose of opposing it as a theory in itself, once it does not present methodological elements either significant or innovating in their content. The notion that dependence exists is tautological. Strictly speaking, there is no dependence theory, but merely dependence as a historical process within the international system of force and power relationships. The Cepal academy debates have dealt with the capitalist development at the periphery, more precisely with the consequences of central capitalism in Latin America, a chapter on the interpretations related to the development/underdevelopment condition, which involves the role played by the so-called historical agents in social changes. In their search for a dependence typology, the oversimplication of the butterfly collectors in social sciences does not create a new theory, but merely ambiguous general principles.

  8. A Teoria Crítica e a sociedade da cultura digital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Zuin

    2017-05-01

    Full Text Available The objective of this article is to address, within the scope of its research trajectory, the insertion of the "Critical Theory and Education Research Group" in the PPGE/UFSCar Research Line "Education, Culture and Subjectivity". In order to do it, the article presents some considerations about the theoretical-methodological framework of the Critical Theory of Society, a brief history of the 25 years of the research group and the current emphasis, in the context of the dilemmas of the digital culture society, about the revitalization of the concepts of cultural industry, formation and semiformation, which are increasingly present in the work of its researchers. Currently, several researchers of the Group, under the guidance of Professor Antônio A. S. Zuin, are studying the way in which the concepts of formation and semiformation are reinvigorated in the society of the digital culture by means of objects, such as: cyberbullying of students against teachers, university and digital culture, education and television, education and social networks, distance education, education and information and communication technologies, public sphere and digital society, among others. The specific analyzes of the classroom, through the empirical reconstruction of the pedagogical sense of education, according to the theoretical-epistemological contribution of the Objective Hermeneutics, stand out in the current research projects led by professor Luiz Roberto Gomes and help the process of interpretation of the impact of digital culture in education. O objetivo desse artigo é abordar, no âmbito da sua trajetória de pesquisa, a inserção do "Grupo de Pesquisa Teoria Crítica e Educação" na Linha de Pesquisa "Educação, Cultura e Subjetividade" do PPGE/ UFSCar. Para tanto, apresenta algumas considerações sobre o referencial teórico-metodológico da Teoria Crítica da Sociedade, um breve histórico dos 25 anos do Grupo de Pesquisa e a ênfase atual, no

  9. A taxa de câmbio no centro da teoria do desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Bresser-Pereira

    2012-08-01

    Full Text Available Este artigo apresenta as principais ideias da macroeconomia estruturalista do desenvolvimento - a teoria por trás de novo-desenvolvimentismo. Seu foco é a taxa de câmbio que é pela primeira vez colocada no centro da economia do desenvolvimento. A teoria econômica geralmente vê a taxa de câmbio como um problema de curto prazo a ser discutido na macroeconomia. A macroeconomia estruturalista do desenvolvimento mostra que há, nos países em desenvolvimento, a tendência à sobreapreciação cíclica da taxa de câmbio causada pela falta de neutralização da doença holandesa e por entradas de capital excessivas. Em consequência, considera a taxa de câmbio cronicamente sobreapreciada e, por isso, um grande obstáculo ao crescimento econômico. No processo de desenvolvimento, a taxa de câmbio tem a função de um interruptor de luz que conecta ou desconecta as empresas nacionais que utilizam a tecnologia no estado da arte mundial dos mercados mundiais.This paper presents the main ideas of structuralist development macroeconomics - the theory behind new developmentalism. Its focus is on the exchange rate that is positioned for the first time in the core of development economics. Economic theory usually views the exchange rate as a short term problem to be discussed in open macroeconomics. Structuralist development macroeconomics argues that there is in developing countries a tendency to the cyclical overvaluation of the exchange rate caused by the lack of neutralization of the Dutch disease and by excessive capital inflows. In consequence it views the exchange rate as chronically overvalued, and, for that reason, a major obstacle to economic growth. In the development process, the exchange rate has the role of light switch that connects or disconnects the national business enterprises utilizing technology in the world state of the art from world markets.

  10. Mídias, transformações sociais e contribuições da teoria social cognitiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Azzi, Roberta Gurgel

    2010-01-01

    Full Text Available O texto aborda contribuições da Teoria Social Cognitiva envolvidas em processos de transformação social desencadeados por meio de recursos midiáticos. Para tanto, o artigo dialoga com o tema da mídia como canal construtor de referências pessoais, apresenta conceitos-chave da Teoria Social Cognitiva envolvidos nos relatos feitos de uso da mídia para enfrentamento de importantes questões macro sociais, em diversos países do mundo. Os conceitos teóricos mencionados são modelação, auto-eficácia, agência humana. Informa-se que nos relatos descritos a Teoria Social Cognitiva foi um de três componentes articulados pelo desenho de programas psicossociais para os diversos cenários de intervenção. São oferecidas reflexões sobre a contribuição da leitura psicológica aqui destacada, bem como marcados desafios a serem enfrentados em continuidade da discussão do tema

  11. Ciência e Metodologia Jurídica: dos princípios científicos à teoria da norma jurídica

    OpenAIRE

    Vinicius Fernandes Ormelesi

    2012-01-01

    Este trabalho investiga o Direito do ponto de vista da teoria da ciência. A metodologia científica do Direito é analisada com base nas transformações da ciência e da tecnologia. Pretende-se uma retomada do estudo da teoria da norma jurídica como núcleo informativo da ciência dogmática do Direito. Faz-se uma reflexão acerca do conteúdo das normas e seu caráter jurídico com base no processo de institucionalização.

  12. Ciência e Metodologia Jurídica: dos princípios científicos à teoria da norma jurídica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinicius Fernandes Ormelesi

    2012-08-01

    Full Text Available Este trabalho investiga o Direito do ponto de vista da teoria da ciência. A metodologia científica do Direito é analisada com base nas transformações da ciência e da tecnologia. Pretende-se uma retomada do estudo da teoria da norma jurídica como núcleo informativo da ciência dogmática do Direito. Faz-se uma reflexão acerca do conteúdo das normas e seu caráter jurídico com base no processo de institucionalização.

  13. A rede de drenagem no contexto da teoria geomorfológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos VITTE

    1998-12-01

    Full Text Available O presente artigo discute o papel das bacias de drenagem na teoria geomorfológica; sobre o papel do nível de base, perfil de equilíbrio, capturas fluviais e erosão regressiva, na teoria davisiana e na teoria geral de sistemas. Neste contexto, insere-se a problemática dos relevos estruturais como o Jurássico e o Apalachiano na teoria davisiana, enquanto que na teoria geral dos sistemas a problemática está condicionada à evolução do perfil das encostas.

  14. As teorias administrativas e a empregabilidade vistas sob o enfoque da organização em aprendizagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ester Menegasso

    1999-01-01

    Full Text Available Discute-se ao longo deste documento o conceito de empregabilidade a partir das cinco disciplinas que são a base da organização em aprendizagem. Retomam-se as teorias administrativas e delas se retiram os elementos que contribuem para a empregabilidade no contexto das organizações formais. Conclui-se que poucas são as teorias convencionais de administração que contribuem para a empregabilidade. No entanto, ao correlacionar as teorias com as cinco disciplinas, percebe-se que a empregabilidade faz parte delas. Em outras palavras, as organizações que pretendam desenvolver a empregabilidade de seus componentes precisam adotar as cinco disciplinas.

  15. Uma proposta de análise de um construto para medição dos fatores críticos da gestão pela qualidade por intermédio da Teoria da Resposta ao Item

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre João Welliandre Carneiro

    2002-01-01

    Full Text Available Neste artigo propomos o uso de modelos da Teoria da Resposta ao Item (TRI na análise de construtos elaborados para medir a Gestão pela Qualidade Total (GQT como uma alternativa à Teoria Clássica de Medida (TCM. São apresentados o modelo geral para itens dicotomizados assim como as interpretações dos parâmetros do modelo. Os resultados mostram que a TRI pode ser uma poderosa ferramenta na análise das práticas da GQT e da maturidade organizacional, dentro da filosofia da qualidade.

  16. PESQUISA: COMPREENSÃO DA TEORIA DO JORNALISMO (CONTRIBUIÇÕES COLOMBIANAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raul Osorio

    2013-06-01

    Full Text Available A história do jornalismo é um campo de contatos e empréstimos. Por esse motivo, a pesquisa em jornalismo tem e traz uma agenda ampla e complexa, como: oprocesso de produção jornalística, sua construção da linguagem por meio de diferentes formas, estruturas e tempos. A metodologia, epistemologia e pesquisa qualitativa em jornalismo; a história dos jornalistas e do jornalismo; ou seja, as relações múltiplas do jornalismo com a cultura, a memória, as teorias sociais e o discurso; campos que têmsido abordados e pesquisados na Ibero-América. Mas a pergunta sobre nosso Ethos profissional é o que continua a ser o eixo transversal da pesquisa, não diria apenasno continente americano, mas no mundo. Ela é fundamental em nossa existência e na análise profunda sobre esse conjunto de características e modos, de comportamentos,que compõem o caráter e a identidade da nossa profissão.

  17. Os três maiores “equívocos” na Teoria da Relatividade de Einstein

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto A. Monti

    1999-05-01

    Full Text Available É chegado o momento de esclarecer os três maiores “equívocos” comumente ensinados nas escolas e universidades em todo o mundo: 1. Os experimentos de Michelson-Morley-Miller nunca deram um “resultado nulo”, contrariamente ao que é estabelecido na maioria dos livros-textos de física. 2. Os resultados experimentais do eclipse solar de 1919 nunca “provaram” a teoria da Relatividade (Geral de Einstein. A “diferença” entre a deflexão Newtoniana e a Einsteiniana de um feixe de luz nunca foram “confirmadas” após 1919. Pelo contrário, em 1960, resultados experimentais obtidos por Pound e Rebka mostraram que a energia (ou massa da luz está sujeita à gravitação Newtoniana da mesma forma que a matéria comum. 3. O “Big Bang” nunca ocorreu. Evidências experimentais mostram que Hubble e Nernst provaram claramente que o Universo não está se expandindo. Este resultado tem sido sempre confirmado por dados astrofísicos e pela física elementar.

  18. Notas sobre suicídio no trabalho à luz da teoria crítica da sociedade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula de Ávila Gomide

    Full Text Available Tendo como ponto de partida as discussões de Cristophe Dejours sobre o suicídio ligado às novas organizações de trabalho no mundo contemporâneo, este trabalho visa a apontar mais elementos teóricos para a discussão do problema a partir do referencial da teoria crítica da sociedade. Os escritos de Adorno, Horkheimer e Marcuse oferecem um arsenal conceitual profícuo para o tema em questão, no sentido de iluminar a atual forma histórica pela qual o progresso e o cientificismo técnico - a racionalidade instrumental - têm se objetivado. As formas de organização do trabalho nas empresas sob a gestão do terror mobilizam e fortalecem nos indivíduos seus traços autoritários, características individuais tornadas necessárias à produção e adequadas ao clima social com tendências destrutivas. Enfim, o sofrimento no trabalho é entendido como reflexo da deformação da subjetividade pela forma social imperante de trabalho alienado das sociedades pós-industriais, assim resultando no chamado trabalho morto - o ato suicidário de um trabalhador no seu local de trabalho.

  19. PROPRIEDADE E MÉRITO NA TEORIA DA JUSTIÇA DE J. RAWLS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João da Cruz Gonçalves Neto

    2011-07-01

    Full Text Available Resumo: Esse artigo visa a apresentar os argumentos de J. Rawls contra o mérito assumido como um critério moral válido e contra a propriedade assumida como um direito individual “puro”, em uma sociedade democrática e igualitária. A partir daqueles pressupostos, argumenta que a meritocracia institucionalizada legitima a violência social ao superpor um critério econômico ao critério ético, a eficiência à justiça, bem como subjuga as proteções jurídicas destinadas a organizar a sociedade a partir da justiça política, apoiando-se, para tanto, em interpretações restritivas da liberdade individual e da autonomia privada. Diante da redução do político ao moral, conclui que aos direitos humanos cabe a tarefa de assumir-se como teoria da justiça.Abstract: This paper presents the arguments of John Rawls against the merit assumed as a valid moral criterion and against property assumed as a pure individual right, in a democratic and egalitarian society. From that depart, consider that institutionalized meritocracy endorses social violence when superimposes the economic to ethic criterion, efficiency to justice, as well submits juridical protections to social organization, in restricting interpretation of individual liberty and private autonomy. In the fate of the reduction of the political to the moral, concludes that to human rights is proper to be a general theory of justice.

  20. IMPLICAÇÕES DA ANÁLISE V-A-T DA TEORIA DAS RESTRIÇÕES NA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Augusto de Jesus Pacheco

    2016-03-01

    Full Text Available O objetivo dessa pesquisa é identificar o impacto da análise V-A-T da Teoria das Restrições na gestão estratégica de materiais à luz da Matriz de Posicionamento Estratégico dos Materiais (MPEM. A partir de dois estudos de caso, buscou-se verificar: i em qual classificação cada empresa se enquadrava dentro da lógica V-A-T, e ii se a gestão estratégica de materiais a partir da abordagem da MPEM pode ser considerada semelhante ou não nos casos investigados. Os resultados da pesquisa apontaram que a classificação V-A-T no caso da empresa S é do tipo A e no caso da empresa K é do tipo V. Já a análise da gestão estratégica de materiais a partir da MPEM, evidenciou que no caso S pertence ao quadrante não crítico e no caso K pertence ao quadrante estratégico. Identificou-se que a classificação V-A-T tende a impactar na gestão de materiais e no controle de estoques.

  1. Teoria do Direito no Século XXI: da semiótica à

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonel Severo Rocha

    2011-12-01

    Full Text Available The theory of law, after the first decade of this century, needs to approach the new features assimilated by legal dogmatics whether to remain a space of observation and constructive thinking. The dogmatic is still linked to the language paradigm that forces the lawyers to review their semantics. For both, there is the realization of Humberto Maturana and Niklas Luhmann’s epistemological projections in law to build social networks focused on society as autopoietic. This paper attempts to show the different perspectives on the theory of autopoietic social systems and their relationship with the production of meaning and paradox, the search for a concept that can be operatonalized by law.Resumo: A teoria do Direito, passada a primeira década do século XXI, precisa se aproximar das novas feições assimiladas pela dogmática jurídica se pretende continuar a ser um espaço de observação e de reflexão construtiva. A dogmática ainda continua ligada ao paradigma da linguagem, isso força os juristas a reverem asua semântica. Para tanto, observa-se a realização das projeções epistemológicas de Humberto Maturana Romesín e de Niklas Luhmann, noDireito, para a construção de redes sociais voltadas à sociedade como autopoiese. Nessa linha de ideias, este ensaio pretende abordar as diferentes perspectivas existentes sobre a Teoria dos SistemasSociais Autopoiéticos e sua relação com a produção do sentido, e o paradoxo à procura de um conceito que possa ser operacionalizado peloDireito.

  2. A teoria das representações sociais nas pesquisas da enfermagem brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvio Éder Dias da Silva

    2011-10-01

    Full Text Available Esta pesquisa teve como objetivo analisar os aspectos metodológicos nas teses e dissertações que empregaram a teoria das representações sociais TRS na enfermagem brasileira. Foram consideradas 22 teses e 44 dissertações. Empregou-se uma análise de conteúdo de tipo categorial feita com base em cinco aspectos: objetos estudados, lugar da TRS, número de participantes do estudo, técnicas de coleta e de análise dos dados. A predominância de estudos de caso e o uso, sobretudo da entrevista semiestruturada, embora pertinentes para o estudo de RS, não contemplam suficientemente a dimensão do compartilhamento deste tipo de conhecimento na sociedade. Considerar o conhecimento leigo para se compreender os cuidados em relação à saúde contextualiza os estudos sobre a atenção em relação à saúde.

  3. Reflexões à luz da Teoria da Complexidade e a formação do enfermeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronny Anderson de Oliveira Cruz

    Full Text Available RESUMO Objetivo: refletir sobre a formação em Enfermagem levando em consideração os princípios do pensar complexo proposto por Morin. Método: reflexão fundamentada nos princípios da Teoria da Complexidade de Edgar Morin. Resultados: a aplicação da complexidade no ensino propõe uma educação emancipadora pautada no questionamento e na transformação social. Compreende a formação de enfermeiros que tenham como característica do seu trabalho a interação com o outro. Faz-se necessário preparar o discente para desenvolver atitudes e ações críticas e reflexivas capazes de superar a fragmentação e a linearidade do conhecimento. Conclusão: o cuidado de Enfermagem tem sido baseado numa assistência reducionista, refletindo o modelo cartesiano. Assim, a formação do enfermeiro busca contemplar saberes e experiências compartilhados de maneira que não exista o domínio de nenhuma disciplina sobre as outras, de nenhum profissional sobre o outro, aceitando as singularidades tanto dos profissionais como do próprio cliente/paciente.

  4. A Filosofia da ciência e a aceitação de teorias

    OpenAIRE

    Sergio Hugo Menna

    2016-01-01

    A aceitação ou a escolha de uma teoria científica por parte de uma comunidade científica é um evento ou processo central na dinâmica científica. É, também, um evento ou processo complexo –já que dele participam as teorias, a experiência e alguma forma de relação inferencial entre a teoria e a experiência.

  5. Para uma neurobiologia do eu: uma contribuição às teorias da subjetividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Gomes da Silva

    2010-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho é analisar como a neurologia ou as neurociências tem proposto novas narrativas da mente a partir do ponto de vista biológico. O autor aponta de forma crítica como essas disciplinas descrevem a vida subjetiva, a identidade pessoal e o nosso "eu" a partir das contribuições do neurologista António Damásio. Defende-se a idéia da necessidade de novas descrições subjetivas no campo clínico e nas teorias da mente tais como a psicologia e a psicanálise.

  6. Contribuições da Teoria da Desintegração Positiva para a Área de Superdotação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Célia de Oliveira

    Full Text Available RESUMO A Teoria da Desintegração Positiva (TDP, proposta por Dabrowski, constitui importante ferramenta para a compreensão do desenvolvimento emocional de superdotados. Trata-se de uma teoria do desenvolvimento da personalidade que enfatiza o papel desempenhado pelas emoções no potencial de desenvolvimento humano. O objetivo deste artigo é apresentar conceitos centrais da TDP e suas contribuições para a área da superdotação. É enfatizado o conceito de sobre-excitabilidade, que, além de ser considerado um indicador de superdotação, representa um construto chave para o desenvolvimento de medidas e para promoção de intervenções que tenham como foco as características de personalidade e emocionais dos superdotados.

  7. Aquisição das estruturas silábicas "VC e V": mais uma abordagem através da teoria da otimidade?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonilha, Giovana Ferreira Gonçalves

    2003-01-01

    Full Text Available O presente trabalho faz um estudo da aquisição das estruturas silábicas CV e V no português brasileiro, buscando trazer contribuições para as pesquisas em aquisição da fonologia, bem como tecer considerações sobre o modelo proposto pela teoria da otimidade. A pesquisa demonstra que, considerando as propostas já apresentadas para a aquisição das estruturas silábicas CV e V - Costa e Freitas (1998 e Matzenauer (1999 -,apenas Matzenauer é capaz de dar conta dos dados do português sem comprometer os princípios básicos da teoria. O trabalho também focaliza as estratégias de reparo aplicadas, vinculando-as a questões segmentais e métricas

  8. Teoria, conhecimento e pragmática da comunicação: o paradigma pulsional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Potiguara Mendes da Silveira Jr.

    2015-12-01

    Full Text Available Parte-se do estado da arte feito por Muniz Sodré (2012a sobre a abordagem acadêmica do campo comunicacional e a dificuldade para defini-lo em seu aspecto "científico". No intuito de prospectar além dos paradigmas identificados por Sodré (o sociológico, dos efeitos; e o semiótico, dos códigos, propõe-se o paradigma pulsional que orienta a Transformática, teoria psicanalítica da comunicação. PALAVRAS-CHAVE: Teorias da comunicação; Conhecimento; Psicanálise.   ABSTRACT According to the state of the art - made by Muniz Sodré (2012a - of  the academic approach of the communication field, there is a great difficulty in defining this field as "scientific". In order to examine beyond the two paradigms depicted by Sodré (sociological and semiotic this paper exposes the "drive (Freud: Trieb paradigm" which is the basis of Transformatics, the psychoanalytical theory of communication. KEYWORDS: Communication theories; Knowledge; Psychoanalysis.   RESUMEN Se inicia con el estado de la técnica hecha por Muniz Sodré (2012a en el enfoque académico del campo de la comunicación y la dificultad de definirla en su aspecto "científico". Con el fin de perspectiva más allá de los paradigmas identificados por Sodre (la sociológicos, los efectos y los semióticos, códigos, se propone paradigma instintivo que guía Transformática, la teoría psicoanalítica de la comunicación.  PALABRAS CLAVE: Teorías de la Comunicación; conocimiento; Psicoanálisis.   Referências ALONSO, Aristides. Aspectos do verbo Haver e seu uso na Nova Psicanálise. TranZ: Revista dos Estudos Transitivos do Contemporâneo, v. 5, 2010. Acessar: http://www.tranz.org.br/5_edicao/TranZ10-Aristides-VerboHaver-RevMD.pdf CUSA, Nicolau de. [1514] Deus é visto para lá da coincidência dos contraditórios e o seu ver é ser. In: A visão de Deus. Lisboa: Gulbenkian, 1988. p. 168-171 FREUD, S. [1930] Mal-estar na Civilização. ESB, vol. XXI. Rio de Janeiro: Imago, 1976

  9. Inter-relação dos propósitos da teoria de peplau com o cuidado ao diabético

    OpenAIRE

    Márcia Barroso Camila de Ataíde; Lorita Marlena Freitag Pagliuca; Marta Maria Coelho Damasceno

    2002-01-01

    Ante a amplitude contextuai da ação da Enfermagem, suas teorias precisam ser refletidas para que possamos acessar o real significado das idéias explicitadas pelas teóricas e, com isto possibilitar que os enfermeiros, as considerem e as incorporem na prática profissional .. Neste artigo, descrevemos a teoria de enfermagem desenvolvida por Hildegard Peplau, buscando ainda estabelecer uma conexão desta teoria com o modo de cuidar do diabético. A construção deste estudo proporcionou não apenas co...

  10. A crise financeira americana de 2008: um exame comparativo da explicação da Hipótese da Instabilidade Financeira de Minsky e da Teoria Austríaca do Ciclo Econômico

    OpenAIRE

    Mendes, Lucas

    2016-01-01

    O objetivo deste estudo é realizar uma análise comparativa entre as teorias do economista americano Hyman Minsky e da Teoria Austríaca do Ciclo Econômico (TACE), em relação ao seu poder explicativo para a grande crise financeira americana de 2007-8, inaugurada com o estouro de uma bolha imobiliária. Com esse objetivo em mente, iniciamos descrevendo um conjunto de variáveis políticas e econômicas relevantes que conduziram a economia americana à grande crise. Feito isso, expomos a Hipótese da I...

  11. O papel do princípio aristotélico na teoria da justiça de Rawls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Coitinho Silveira

    2010-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1677-2954.2008v7n2p201O objetivo do presente artigo é  estabelecer algumas considerações sobre o papel do princípio aristotélico no interiror da teoria da jsutiça como eqüidade de John Rawls formulado em A Theory of Justice e não modificado em Political Liberalism e Justice as Fainess: A Restatement, a fim de verificar uma convergência entre um modelo deontológico e precedimental com um modelo teleológico e substancial de justiça, identificando um compatibilismo entre justo e bem em sua teoria ética.

  12. Entre a epistemologia e a ontologia: a teoria da estruturação de Anthony Giddens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Rodrigues Ribeiro da Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O artigo ilustra algumas peculiaridades metodológicas do projeto teórico de Anthony Giddens, a teoria da estruturação. O diagnóstico é que ela tem menos influência na teoria social atual do que poderia ter. A causa desse problema é identificada na transição ontológica que Giddens realiza no fim dos anos de 1970, que, de modo não intencional, acaba enfraquecendo o arcabouço teórico-metodológico de seu projeto. A fim de ajudar a sanar o problema, sugere-se uma reconstrução metodológica com base no modelo de filosofia da ciência de Mary Hesse.

  13. O desenvolvimento da filogênese e da ontogênese da linguagem: alguns aspectos, segundo a teoria histórico-cultural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleber Barbosa da Silva Clarindo

    2015-03-01

    Full Text Available Apresentam-se, neste artigo, resultados de parte dos estudos voltados para análise e interpretação de aspectos relativos ao desenvolvimento da filogênese e da ontogênese da linguagem. Tais estudos foram realizados em cursos de formação de professores e em grupos de pesquisas que centram suas discussões em aspectos segundo a perspectiva da Teoria Histórico-Cultural, ou escola de Vygotsky e seus seguidores. Nesse sentido, todo o texto pauta-se na formulação de que o desenvolvimento e a apropriação da linguagem são processos histórico-culturais que decorrem da necessidade humana de comunicação e têm origem na atividade vital humana, ou seja, no trabalho socialmente constituído. Ao final, ressaltam-se, centralmente, as relações sociais e a sua importância tanto no desenvolvimento da linguagem quanto no desenvolvimento global do homem, além de considerar o desenvolvimento e a apropriação da linguagem como o ponto central do desenvolvimento humano. Para a realização dos estudos foram utilizados procedimentos da pesquisa bibliográfica, basicamente, de leitura, análise e, ainda que breve, de interpretação, à luz de bibliografia específica.

  14. A teoria da Umwelt de Jakob von Uexküll

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thrure von Uexküll

    2008-11-01

    Full Text Available Se vcoê etsá sdeno cpaaz de ednenetr etsa fsrae, é pqorue sau Uwlemt leh pagroromu praa cguonesir ftrliar de tdoo eses fxiee cfunsoo de ppceteros anepas aliuqo qeu vlae a pnea ser ldoi sdneguo sues issnteeres de cnosçãturo ed cntonehciemo. Eis a presença da Umwelt em seu aparato perceptivo-operacional. Neste artigo, Thure von Uexküll elabora comedidamente os subconceitos nevrálgicos que se articulam organicamente para formar o superconceito da Umwelt. Começa por apresentar os pressupostos do processo vital a partir da categoria do tempo, passando então à explanação continuísta do Círculo Funcional e daí­ extraindo mais dois aspectos importantes do processo vital, a saber, o código e o contexto. Só a partir de então, o autor apresenta as denotações que seu pai atribuí­a aos termos autonomia, ego, sujeito, texto biológico, ambiente e tegumento habitável. O artigo estréia a observação conclusiva de uma biossemiótica como teoria da tradução em que os observadores humanos devem cuidar para não ceder a antropomorfismos, mas saber demarcar e distinguir três tipos de semiose: informação, sintomatização e comunicação. Palavras-chave Umwelt, percepção, operação, cí­rculo funcional, biossemiótica, teoria da tradução Abstract Sulhod you be cblaape to cohenmperd tihs sencnete, taht is bcauese yuor Uwlemt hsa pgramormed yuo to sceuecd in fteilrnig fmro lal tihs cinofnusg bdlnue of pepecrts olny taht is wroth rdnieag aincocrdg ot yuor iesnetrts fo kdgnwolee binulidg. Here comes the work of Umwelt in its perceptual-operational apparatus. In this article, Thure von Uexküll carefully sews up the basal subconcepts organically arranged to shape the superconcept of Umwelt. He starts introducing the presuppositions of a life process based on the category of time, and then coming to explain the continuum-based Functional Circle, to deduce two more substantive aspects of life process, as such, the

  15. FASES DA TEORIA HUMANÍSTICA: ANÁLISE DA APLICABILIDADE EM PESQUISA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Paula de Aguiar Lélis

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo fue analizar la aplicabilidad de las fases de la Teoría Humanística en investigaciones, según un Modelo de Análisis de Teoría. Estudio de análisis crítica de teoría de enfermería con énfasis en la aplicabilidad. Fue efectuada una búsq ueda, en abril y mayo de 2013, en las bases de datos SCOPUS, Cumulative Index of Nursing and Allied Health Literature y en las disponibles en la Biblioteca Virtual de Salud. Fueron utilizados los descriptores: “Teoria de Enfermagem” y “Pesquisa em Enfermagem” y Nursing Theory y Nursing Research , en publicaciones del 2002 hasta mayo de 2013. Siete artículos fueron seleccionados, de los cuales cinco revelaron todas las etapas en su desarrollo, evidenciando la aplicabilidad de la Teoría Humanística como soporte metodológico e n las investigaciones de enfermería.

  16. INTERESSE E CONVENÇÃO: A TEORIA HUMEANA DA JUSTIÇA E A CRÍTICA AO CONTRATUALISMO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Cachel

    2017-06-01

    Full Text Available Pretende-se analisar neste artigo a distinção, feita por Hume, entre convenção e contrato, bem como suas consequências para sua teoria da justiça. Além disso, partindo da discussão quanto ao caráter histórico e artificial da justiça, na filosofia humeana, pretende-se investigar qual o tipo de racionalidade recusada como fundamento das distinções morais e em que medida isso atinge as teorias contratualistas. Nesse sentido, o texto procura apontar como Hume fundamenta o princípio pacta sunt servanda na constituição de um sistema geral de referência, ou seja, numa pressuposição implícita de cumprimento mútuo de acordos. Para tanto, indaga a distinção entre o interesse envolvido na origem da justiça e as paixões naturais da benevolência e do amor próprio, ou seja, dedica-se a compreender o sentido específico da artificialidade da justiça, em sua conexão com a composição do juízo de aprovação dos atos justos.

  17. Fundo Nacional da Assistência Social: da teoria à prática social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pinheiro, Lessí Inês Farias

    2005-01-01

    Full Text Available O presente artigo tem por escopo analisar o financiamento da assistência social no contexto dos ajustes fiscais realizados no Brasil no período 1990-2003. Para tanto, inicialmente, explicita-se o marco político-legal da política de Assistência Social. A seguir, é analisada a execução orçamentária do Fundo Nacional da Assistência Social desde a sua criação até 2003

  18. La teoria dei media e l'immaginario. Uno studio a partire da Edgard Morin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tito Vagni

    2015-12-01

    Full Text Available Il saggio propone lo studio di alcuni concetti essenziali della teoria di Edgar Morin su cinema e industria culturale, attraverso i quali è possibile giungere a una nozione di immaginario come fenomeno comunicativo, e quindi come terreno di studio privilegiato della teoria dei media.

  19. ECONOMIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO: DA TEORIA DA FIRMA À GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Manhães Marins

    2007-05-01

    Full Text Available Para a visão econômica neoclássica, a tecnologia representa uma variável estática, posta à disposição das firmas no mercado; as firmas são agentes racionais dotados de postura previsível com o objetivo de maximizar lucros. Por dedução, o processo de inovação é uma atividade de alocação ótima de recursos. A elaboração da Teoria da Firma abre o caminho para abordagens mais amplas acerca do processo de inovação tecnológica na firma na Economia. Nessa perspectiva, a coordenação dos processos de alocação dos recursos é assimilada pela firma; o processo de inovação passa a ser considerado interno e dependente da firma. Assim, aspectos antes desconsiderados, como diversidade, rotinas organizacionais, capacidades tecnológicas, estratégia, esforços de inovação e, até mesmo, coordenação e gestão passam a integrar os debates. A firma passa a ser vista como um agente cujas competências e cujo domínio sobre a tecnologia, devidamente alinhados a uma estratégia específica, buscam estabelecer sua própria trajetória de evolução. Este estudo examina a evolução das perspectivas acerca de tecnologia e inovação na Economia, destacando a relevância da Teoria da Firma enquanto marco teórico propulsor da elaboração de perspectivas mais amplas acerca do processo de inovação tecnológica na firma.

  20. Trajetórias de aprendizagem, aconselhamento linguageiro e teoria da complexidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walkyria Magno e Silva

    Full Text Available Desde a primeira conexão dos sistemas adaptativos complexos (SACs com a aprendizagem de línguas estrangeiras (LARSEN-FREEMAN, 1997, o tema tem chamado a atenção de pesquisadores de diversos países. Há uma lacuna, no entanto, na descrição de experiências que acolham os conceitos básicos desse paradigma, tomando-os como explicativos para o sucesso ou o insucesso dos aprendentes. O objetivo deste texto é mostrar como a teoria da complexidade pode contribuir para explicar o sucesso ou não na aprendizagem de graduandos de Licenciatura em Letras, habilitação em Inglês, de uma universidade do norte do Brasil. Por meio de sessões de aconselhamento linguageiro, os autores, todos conselheiros e pesquisadores, identificam pontos de bifurcação, bacias atratoras, episódios de surgimento e luta contra a entropia na trajetória dos aprendentes. Os resultados mostram como a interferência do conselheiro, um agente no sistema, atento à dinâmica dos SACs, pode alterar o processo de aprendizagem.

  1. Pode um Pai Ser Cuidadoso? Crítica à Teoria da Paternidade em Winnicott

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Roberto Rodrigues Belo

    2015-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, fizemos um percurso nos principais textos teóricos nos quais Winnicott aborda a função do pai. Recorremos também aos casos clínicos para localizar como essa função paterna é analisada na prática clínica. Na obra de Winnicott, a figura paterna aparece como coadjuvante ao trabalho de cuidado materno, muitas vezes atrelado a condições do ambiente e em diversas outras como um substituto que mimetiza características rigorosamente maternais. Percebemos em Winnicott uma clara aproximação entre os termos pai e homem, que contribuem para uma imagem normativa da família. A própria teoria winnicottiana pode ser utilizada para desconstruir o que consideramos uma dobra ideológica na obra do autor, por meio do confronto de seus próprios textos, como sugere a metodologia proposta por Laplanche, utilizada neste artigo. Tal desconstrução permite pensar, a partir dessa perspectiva, novos formatos familiares (homoafetivos e monoparentais, por exemplo que aumentem o potencial criativo no relacionamento de um adulto com o bebê.

  2. Teoria e Práxis: Origens, Consolidação e Destinos da Ciência Administrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvio Carvalho Neto

    2003-05-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é discutir os destinos da administração, especialmente da administração de tecnologia e inovação organizacional, com destaque para o emprego conjunto da tríade, teoria, prática e visão holística, de fundamental importância para a administração organizacional no mundo moderno. Mediante pesquisa bibliográfica, é apresentada a evolução histórica do pensamento administrativo durante o século XX, desde as primeiras teorias baseadas na produção e nas relações humanas até a moderna teoria de sistemas, com uma abordagem holística. Expõe-se uma lista dos principais pensadores de gestão do ultimo século, suas formações acadêmicas e ocupações profissionais e as principais contribuições para o desenvolvimento das organizações. Em seguida, aborda-se a relação entre a administração formal-científica (teoria administrativas e a administração empírica (prática administrativa, e as contribuições de alguns gestores de empresas para o desenvolvimento organizacional. Examina-se ainda a relação entre administração, organizações e tecnologia, e os impactos do uso de tecnologia e de inovação na gestão de organizações, com o intuito de busca de eficiência e eficácia nas empresas.

  3. Contribuições de Axel Honneth aos debates da teoria crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brena Costa Lerbach

    2014-07-01

    Full Text Available Este artigo pretende apresentar alguns dos debates e propostas teóricas que caracterizam a tradição sociológica conhecida como Teoria Crítica. Para tanto, aborda o pensamento de Max Horkheimer e de Theodor Adorno, ambos ligados à sua origem; as críticas e proposições realizadas por Jürgen Habermas; e, em seguida, as elaboradas por seu sucessor, Axel Honneth. Por fim, traremos as formulações deste último autor no livro “Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais”, o qual aborda elementos importantes para a compreensão dos movimentos sociais no século XXI. E, como buscaremos argumentar, mantém vivos, de maneira atualizada, os propósitos presentes na origem da Teoria Crítica.   Abstract: This article aims to present some of the debates and theoretical proposals that characterize the sociological tradition known as Critical Theory. Therefore, it approaches Max Horkheimer and Theodor Adorno’s thought, both related to its origin; the critics and propositions made by Jürgen Habermas; and, subsequently, those elaborated by his successor, Axel Honneth. Finally, we are going to handle on this last author’s formulations in the book “The struggle for recognition: the moral grammar of social conflicts”, which approaches important elements for social movements’ comprehension in the XXI century. And, as we’ll try to argue, they keep alive, in an upgraded way, the purposes from Critical Theory’s origin. Resumen: Este artículo presenta algunos de los debates y posiciones teóricas que caracterizan la tradición sociológica conocida como Teoría Crítica. Por lo tanto, explora el pensamiento de Max Horkheimer y Theodor Adorno, ambos vinculados a su origen; las críticas y las propuestas realizadas por Jürgen Habermas; y, después,  las elaboradas por su sucesor, Axel Honneth. Por último, traeremos las formulaciones de este último autor en el libro “La lucha por el reconocimiento: la gram

  4. A teoria da causalidade imaginária na filosofia de Hume

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Arbex Valadares

    2009-06-01

    Full Text Available O presente trabalho aborda a concepção de causalidade apresentada pelo filósofo escocês David Hume no Tratado da natureza humana (TNH e propõe, como argumento central, que a ideia de relação causal deriva de uma impressão reflexiva e toma a forma de uma crença imaginária cujo objeto é uma conjunção constante. Começando por analisar os conceitos de impressões e ideias, sobre os quais Hume elabora sua teoria da percepção, o texto explora, em seguida, os fundamentos do processo de associação de ideias, do qual a noção de causalidade é um modo; um breve estudo dos efeitos políticos decorrentes de uma concepção de causalidade assentada na crença e nos hábitos de percepção põe termo a este artigo.This work analyses the theory of causality presented by the Scottish philosopher David Hume in his Treatise on Human Nature. It proposes, as a central argument, that the idea of causal relation comes from a reflexive impression and assumes the form of an imaginary belief, whose object is a constant conjunction. Starting by analyzing the concepts of impressions and ideas, over which Hume elaborates his theory of perception, this text explores the basis of the process of association of ideas, and identifies the notion of causality as a mode of it. A brief study of the political effects of such a conception of causality, based on belief and perception habits, gives a conclusion to this article.

  5. O jogo e o desenvolvimento infantil na teoria da atividade e no pensamento educacional de Friedrich Froebel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Arce

    Full Text Available Este artigo apresenta um estudo teórico comparativo da pedagogia desenvolvida por Friedrich Froebel e da teoria da atividade (Leontiev, Elkonin e Vigotski no que diz respeito ao jogo e ao desenvolvimento infantil. Ainda que essas duas abordagens considerem o jogo uma atividade muito importante no desenvolvimento da criança, elas diferem em sua visão do que seja o significado do jogo no contexto do processo de formação do indivíduo. Essa divergência é uma conseqüência de suas opostas concepções acerca da relação entre a natureza humana e a história.

  6. As origens da teoria dos invariantes na Inglaterra e o Mécanique Analytique de Lagrange (1788)

    OpenAIRE

    Santos, Nilson Diego de Alcantara [UNESP

    2014-01-01

    As origens da Teoria dos Invariantes na Inglaterra e o Mécanique Analytique de Lagrange (1788), é um trabalho voltado principalmente a entender uma possível influência que levou George Boole em 1841, a escrever o artigo Exposition of a General Theory of Linear Transformations e verificar se a motivação que o fez produzir este trabalho é igual ou diferente da motivação que ele exerceu sobre Arthur Cayley e consequentemente sobre James Joseph Sylvester. O presente trabalho apresenta um estudo d...

  7. Paradigmas e teorias da cidade: das reformas urbanas ao urbanismo contemporâneo o caso de Barcelona

    OpenAIRE

    Debrassi, Teresinha Maria Fortes Bustamante

    2006-01-01

    O presente trabalho ao diagnosticar a falência da modernidade, e o surgimento de uma condição pós-moderna traz para o debate a dispersão de posicionamentos verificada no quadro do urbanismo após as primeiras teorias críticas formuladas pelo Movimento Moderno. Entendendo que esse momento, mais comumente chamado de pós-moderno , abrange também outras disciplinas, procurou-se situar o debate surgido a partir da compreensão inicial de vários estudos que tratam do período em questão, para poder r...

  8. Um estudo sobre aplicações da teoria do caos e complexidade à gestão das cadeias de suprimentos

    OpenAIRE

    Rodolfo Leandro de Faria Olivo

    2010-01-01

    Este estudo aborda a aplicação da teoria do caos e complexidade à gestão das cadeias de suprimentos. Seu objetivo consiste em responder a questão orientadora da pesquisa, se a teoria do caos e complexidade pode enriquecer o entendimento e compreensão da gestão das cadeias de suprimentos. A fim de contextualizar essa discussão, este trabalho procurou resgatar alguns dos principais autores e conceitos do processo de mudança da visão do determinismo clássico científico do século XIX para as nova...

  9. Modelo liberal de representação política liberal no contexto da teoria do estado de partidos

    OpenAIRE

    Antonio Gavazzoni; Orides Mezzaroba

    2011-01-01

    O presente texto busca analisar os fundamentos do modelo da representação política liberal a partir da concepção da teoria do Estado de Partidos, na qual a representação deixa de ser concebida dentro da ideia do mandato representativo individual e personalístico para ser inserida na perspectiva do mandato partidário, no qual a titularidade do mandato deixa de ser individual e passa a estar vinculada à  organização partidária. Palavras-chave: Representação. Estado de Partidos. Teoria do Mandat...

  10. INFLUÊNCIA DO PODER NAS REDES DE NEGÓCIO - ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DA TEORIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Oliveira

    Full Text Available RESUMO Esta pesquisa busca compreender como as relações de poder são abordadas na literatura de organizações, por meio de uma revisão sistemática da literatura utilizando a base de dados Thomson Reuters (ISI Web of Science. Embora a literatura de relações interorganizacionais reconheça o papel crítico do poder, uma sucessão de teorias com diferentes perspectivas empíricas, teóricas e metodológicas demonstra que ainda há uma falta de consenso a respeito de quais atores detêm o poder nestes contextos. São questões de pesquisa: Como os recentes estudos em redes de negócio abordam o poder? Quais as implicações dos principais paradigmas teóricos utilizados? A análise das publicações selecionadas aponta para a multiplicidade de perspectivas teóricas na abordagem do poder na literatura e indica um aumento do interesse no tema ao longo do tempo. As principais perspectivas teóricas identificadas são a Teoria da Dependência de Recursos; a Teoria da Troca em Redes; e a Teoria de Custos de Transação. Essas teorias são analisadas sob o quadro teórico e um conjunto de proposições conceituais é definido, de modo a avaliar as implicações dos paradigmas associados a cada corrente teórica.

  11. A Filosofia da ciência e a aceitação de teorias

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Hugo Menna

    2016-12-01

    Full Text Available A aceitação ou a escolha de uma teoria científica por parte de uma comunidade científica é um evento ou processo central na dinâmica científica. É, também, um evento ou processo complexo –já que dele participam as teorias, a experiência e alguma forma de relação inferencial entre a teoria e a experiência.

  12. APLICAÇÃO DA TEORIA DE GESTALT NA CONSTRUÇÃO E ANÁLISE DE MAPAS TURISTICOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian de Oliveira Fernandes

    2012-11-01

    Full Text Available A informação espacial pode ser representada de inúmeras maneiras. Cabe ao redator gráfico identificar qual delas melhor atende o objetivo de transmitir a informação desejada ao público alvo. Entre os estudos de tratamento gráfico da informação em cartografia, destaca-se a Teoria da Gestalt. Na Cartografia, a Gestalt auxilia na composição final do mapa, indicando as categorias conceituais fundamentais consubstanciadas da harmonia, do contraste e do equilíbrio visual. Assim, este artigo se propõe a discutir sobre a importância do tratamento gráfico da informação temática apoiada nesta teoria. Dentre os 15 mapas analisados, o mapa de Recife foi o que apresentou o melhor emprego dos itens explanatórios. Entre os problemas mais graves verificou-se o emprego errôneo da orientação pela rosa dos ventos, o que pode dificultar o uso por parte do turista. Porém, de maneira geral, concluiu-se que a maioria dos produtores de mapas desconhece as indicações e convenções adotadas pela Cartografia.

  13. A lingüística saussuriana: uma teoria contextal e não-representacional da significação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edward Lopes

    2001-02-01

    Full Text Available

    Estuda-se aqui a teoria da Lingüística Geral, fundada por Ferdinand de Saussure(FS como uma teoria não-representacional do signo e da significação, contrária, portanto, àSemântica da palavra isolada e do referente-coisa, que lhe tem sido indevidamente atribuída porcausa da introdução, no CLG, do célebre diagrama do "signo-árvore", que não é dele, mas doseditors do livro, Ch. Bally e A. Sechéhaye. Mostra-se que FS é um pioneiro das teorias contextuaisda significação, uma das quais é esboçada no CLG.

  14. A teoria da dependência à luz da realidade atual (The dependency theory in the light of the current state of affairs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdenesio Aduci Mendes

    2010-01-01

    Full Text Available Resumo: Este trabalho visa apresentar os alcances e limites da teoria da dependência, delineada a partir de 1970, como proposta de leitura da realidade econômica do continente latino-americano. Procuraremos mostrar que a teoria da dependência está vinculada às ideias mestras da teoria do desenvolvimento da CEPAL. Nesse sentido, os alcances da teoria da dependência, se comparada com a teoria do desenvolvimento, estão vinculados à ideia de que a situação de subdesenvolvimento no continente latino-americano se relaciona com o mundo da economia e da política. Por outro lado, os limites da teoria da dependência radicam no fato de que ela não cumpriu com sua proposta inicial, pois sua leitura da realidade latinoamericana ficou restrita a aspectos econômicos. A análise parte do pressuposto de que a crise da modernidade se dá em todos os aspectos da vida ocidental, fruto da racionalidade econômica e do desenvolvimento unidimensional, o que atinge a região latino-americana diretamente. Assim, tanto a compreensão da realidade que nos circunda, assim como a sua transformação, exigem que se repense o modelo de homogeneização do padrão de produção e de consumo, vigentes na sociedade latino-americana, cuja matriz é o modelo ocidental dos países do centro.Abstract: This work aims at presenting the range and the limits of the dependence theory, fi rst outlined in 1970, as a means of analyzing the economic reality of the Latin American continent. The objective of the following article is to demonstrate that the dependence theory is closely related to the ideas behind the CEPAL’s development theory. In this sense, the range of the dependence theory, when compared to the development theory, is bound to the idea that the underdevelopment state of the Latin American continent is linked to the economic and political worlds. On the other hand, the limits of the dependence theory are based on the fact that it hasn’t accomplished its

  15. As teorias constitucionais de Ferdinand Lassalle (1862-1863) e de Konrad Hesse (1959) nos discursos jurídicos proferidos a respeito da Constituição da República de 1988 na atualidade

    OpenAIRE

    2015-01-01

    O presente trabalho constitui-se em uma análise dedutiva acerca da Teoria dos Fatores Reais do Poder, de Ferdinand Lassalle, e a Teoria da Força Normativa da Constituição, de Konrad Hesse. A mesma foi estruturada tendo como método de procedimento os aspectos históricos do país no qual surgiram (a Alemanha). O estudo, de caráter qualitativo e descritivo, deteve-se sob as principais obras dos autores em questão objetivando demonstrar que a incorporação de suas teorias pelos discursos jurídicos ...

  16. A DRAMATURGIA DEMOCRÁTICA: APROXIMAÇÕES ENTRE ERVING GOFFMAN E A TEORIA DA DEMOCRACIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Medeiros

    2015-08-01

    Full Text Available No Ocidente, a política e o teatro vêm, ao menos desde a Antiguidade clássica, acumulando afinidades históricas e semânticas que levam os analistas quase espontaneamente a pensá-los a partir de uma mesma linguagem: fala-se, assim, sobre o "palco da política", os "bastidores do poder" e, ponto nevrálgico da teoria democrática, a "representação política". Mas, para além dessas afinidades que sustentam o jargão político e o comentário jornalístico corriqueiro, pode uma sociologia política dramaturgicamente orientada esclarecer aspectos importantes da teoria democrática contemporânea? O presente trabalho pretende esboçar um mapa de algumas ferramentas analíticas legadas pela teoria de Erving Goffman que, como estão ou reformuladas, podem servir à explicação e à compreensão de aspectos essenciais de nossa "democracia de público", como as relações entre políticos, partidos e mídia, ou entre movimentos sociais e Estado. Para isso, discuto primeiramente algumas das transformações semânticas da "representação política" e como a questão teatral está aí inserida; em seguida, saliento as afinidades funcionais e estruturais entre o mundo político e o mundo teatral, mostrando como as mudanças históricas da modernidade, com o papel central que a “política mediatizada” nela adquire, tornam uma abordagem dramatúrgica ainda mais rentável como ferramenta analítica de compreensão da democracia; por último, procuro sistematizar algumas das principais contribuições de Erving Goffman para o esboço de um programa de pesquisa dramatúrgico dentro da teoria democrática contemporânea.

  17. A DRAMATURGIA DEMOCRÁTICA: APROXIMAÇÕES ENTRE ERVING GOFFMAN E A TEORIA DA DEMOCRACIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Medeiros

    2015-08-01

    Full Text Available No Ocidente, a política e o teatro vêm, ao menos desde a Antiguidade clássica, acumulando afinidades históricas e semânticas que levam os analistas quase espontaneamente a pensá-los a partir de uma mesma linguagem: fala-se, assim, sobre o "palco da política", os "bastidores do poder" e, ponto nevrálgico da teoria democrática, a "representação política". Mas, para além dessas afinidades que sustentam o jargão político e o comentário jornalístico corriqueiro, pode uma sociologia política dramaturgicamente orientada esclarecer aspectos importantes da teoria democrática contemporânea? O presente trabalho pretende esboçar um mapa de algumas ferramentas analíticas legadas pela teoria de Erving Goffman que, como estão ou reformuladas, podem servir à explicação e à compreensão de aspectos essenciais de nossa "democracia de público", como as relações entre políticos, partidos e mídia, ou entre movimentos sociais e Estado. Para isso, discuto primeiramente algumas das transformações semânticas da "representação política" e como a questão teatral está aí inserida; em seguida, saliento as afinidades funcionais e estruturais entre o mundo político e o mundo teatral, mostrando como as mudanças históricas da modernidade, com o papel central que a “política mediatizada” nela adquire, tornam uma abordagem dramatúrgica ainda mais rentável como ferramenta analítica de compreensão da democracia; por último, procuro sistematizar algumas das principais contribuições de Erving Goffman para o esboço de um programa de pesquisa dramatúrgico dentro da teoria democrática contemporânea.

  18. RELACIONAMENTO VIRTUAL: UMA REFLEXÃO A PARTIR DA TEORIA ARISTOTÉLICA DA AMIZADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joelson Nascimento

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo desse artigo é refletir sobre um meio de comunicação muito em voga naatualidade, o ORKUT, a partir das distinções de Aristóteles sobre a amizade. Esses chamados “amigos”do ORKUT o são no sentido próprio da palavra? Se não o são no sentido estrito do termo, aindaassim poderemos chamá-los “amigos”?

  19. O uso da teoria do julgamento social no estudo de políticas públicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Carvalho

    Full Text Available A complexidade da análise de políticas públicas leva gestores e administradores a adotarem uma série de modelos analíticos que os auxiliem no processo decisório e na avaliação dos possíveis reflexos de suas propostas. Dentre esses modelos, a teoria do julgamento social é uma ferramenta amplamente utilizada para avaliar o processo decisório e como este pode ser aperfeiçoado para melhor atender às demandas públicas atuais. Este artigo traz uma introdução à teoria do julgamento social, comentando algumas limitações e sugestões para sua aplicação no cenário brasileiro.

  20. A influência da atitude na tomada de decisão do consumidor no mercado educacional superior: uma aplicação da teoria do comportamento planejado

    OpenAIRE

    Martins, Erika Camila Buzo

    2013-01-01

    O presente trabalho busca apresentar a Teoria do Comportamento Planejado - TPB de Icek Ajzen e verificar se o modelo de estudo das atitudes de Ajzen pode contribuir para explicar as escolhas dos alunos de graduação por determinada marca educacional. Para isso foram apresentadas as teorias gerais das atitudes com colaboração dos conceitos de Motivação e Necessidades Humanas, bem como a evolução dos conceitos de Teoria da Ação Racional para a teoria do Comportamento Planejado. O contexto brasil...

  1. Uma Análise da Copa das Confederações de Futebol da Fifa 2013 sob a Luz da Teoria dos Campos de Pierre Bourdieu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izac de Oliveira Belino Bonfim

    2013-12-01

    Full Text Available O Brasil passa por um momento de grande repercussão internacional, sendo considerado um país emergente e com uma economia em crescimento transcendendo para um desenvolvimento para vários setores. Com essa exposição midiática conseguiu captar uma série de eventos internacionais, entre eles eventos esportivos e consequentemente ampliando o segmento do turismo no mesmo setor, como por exemplo, a Copa das Confederações da FIFA. Através da teoria dos campos de Pierre Bourdieu, utiliza-se para investigar o campo esportivo a qual está inserido todo o espetáculo esportivo futebolístico, realizando reflexões através do jogo de interesse e disputas dentro de um viés economicista.DOI: 10.5585/podium.v2i2.46

  2. Um estudo introdutório da Teoria de Grafos através de matrizes

    OpenAIRE

    Gonçalves, Diego Rodrigues [UNESP

    2014-01-01

    The aim of this work is to present some elementary results from Linear Algebra and to relate them with Graph Theory, making use of examples if possible O objetivo deste trabalho é apresentar alguns resultados elementares de Álgebra Linear e relacioná-los com a Teoria de Grafos, por meio de exemplos, sempre que possível. A ferramenta básica para isso é a teoria de matrizes

  3. A TEORIA DA PERDA DA CHANCE E SUA (INAPLICAÇÃO NOS FATOS OCORRIDOS DURANTE O REGIME DE EXCEÇÃO BRASILEIRO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Henrique Menegon Dutra

    2012-12-01

    Full Text Available RESUMO O estudo da Responsabilidade Civil inicia-se no presente trabalho nas obrigações cobradas por mãos próprias, diretamente do devedor. Com a ascensão do Iluminismo e a definição de uma matriz liberal de Direito, tornou-se o direito obrigacional. Havendo o dano, tal fato já dá ensejo a uma obrigação de reparação. A Teoria da Perda da Chance surge no Direito Francês como um complemento da noção da “responsabilidade” no âmbito cível, considerando-se a impossibilidade de exercício de uma oportunidade. Para o devido desenvolvimento do tema proposto, foi utilizado o método dedutivo e de consultas bibliográficas. Conclui-se que, muito embora, não exista previsão legal em nossos diplomas legais sobre a aplicação da teoria da perda da chance, ela passou a ser trabalhada por doutrinadores e posteriormente, trabalhada no ordenamento jurídico brasileiro, através da função jurisdicional do Poder Judiciário, o que não impossibilita sua utilização futuramente, nas questões ocorridas durante o regime ditatorial brasileiro. Palavras-chave: Obrigações; Responsabilidade Civil; Perda da Chance; Direito. THEORY OF CHANCE OF LOSS AND YOUR APPLICATION IN EVENTS OCCURRING DURING THE REGIME OF EXCEPTION BRAZILIAN ABSTRACT The study of Liability begins in the present work the obligations imposed by their own hands, directly from the debtor. With the rise of the Enlightenment and the liberal definition of an array of law, the right became obligatory. If there is damage, since this fact gives rise to an obligation to make reparation. The Theory of Loss of Chance appears in French law as a complement to the notion of "responsibility" in civil, considering the impossibility of carrying on an opportunity. For proper development of the theme, we used the deductive method and bibliographic queries. We conclude that, although, there is no legal provision in our statutes on the application of the theory of loss of chance, she happened

  4. Filosofia do direito e teoria jurídica em habermas: implicações reconstrutivas para uma teoria da sociedade = Philosophy of law and legal theory in Habermas: reconstructive implications for a theory of society

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hansen, Gilvan Luiz

    2011-01-01

    Full Text Available O presente texto aborda a separação e a relação entre a filosofia do direito e a teoria jurídica na obra “Direito e Democracia” de Jürgen Habermas. Para tal análise, busca-se num primeiro momento refletir sobre os conceitos de sociologia do direito e filosofia da justiça a partir do diálogo que Habermas opõe com Dworkin e Rawls, acerca do fundamento filosófico da igualdade e da distribuição. Posteriormente, analisa-se a argumentação acerca da função social integradora do direito que Habermas desenvolve a partir das obras de Parsons e Weber, com vistas a visualizar o que Habermas entende por função integradora do direito, bem como a contribuição dessa categoria para uma teoria reconstrutiva da sociedade. Conclui-se pela vinculação entre sua filosofia do direito a uma teoria sociológica, quando a partir do conceito de razão comunicativa, escapando da discussão metafísica do absoluto, busca desenvolver um conceito de sociedade que resista às dimensões do mundo da vida e do sistema

  5. Teoria e prática da adaptação: da fidelidade à intertextualidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robert Stam

    2008-04-01

    Full Text Available O artigo analisa as formas como as adaptações de filmes a partir de romances têm sido vistas como um processo de perda, em que o romance ocupa um lugar privilegiado. Confrontando esta perspectiva, o ensaio propõe uma linguagem alternativa aos estudos de adaptação. A partir do conceito de dialogismo de Bakhtin e da definição de intertextualidade de Genette, torna-se possível pensar em adaptação em termos de uma prática intertextual.

  6. Uma teoria da preponderância do Poder Executivo: o sistema de comissões no Legislativo brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pereira Carlos

    2000-01-01

    Full Text Available O objetivo do artigo é analisar o sistema de comissões na Câmara dos Deputados à luz das teorias da escolha racional (distributiva, informacional e partidária desenvolvidas para explicar o Congresso norte-americano. Em que pese a enorme preponderância do Executivo sobre a agenda do Legislativo, este trabalho enfatiza que as comissões continuam funcionando ativamente e desempenham um papel importante para os parlamentares, os partidos e para o próprio Executivo. Inicialmente, tenta-se justificar a existência e funcionamento das comissões no Brasil com base na literatura distributiva. No entanto, como será demonstrado, esta explicação não pareceu ser suficientemente forte para justificar o atual sistema de comissões. Em seguida, através de uma adaptação da teoria informacional de Gilligan e Krehbiel (1997 para as especificidades das instituições do Congresso nacional, é testada uma hipótese usando os dados da legislatura 1995-1998. Os resultados da regressão multivariada (probit na escolha de procedimentos de urgência e não urgência (variável dependente fornecem evidências empíricas de que as comissões na Câmara dos Deputados têm de fato, pelo menos parcialmente, um papel informacional.

  7. Reconhecimento, teoria crítica e sociedade: sobre desenvolvimento da obra de Axel Honneth e os desafios da sua aplicação no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cinara L. Rosenfield

    2013-08-01

    Full Text Available O artigo propõe traçar a evolução da Teoria do Reconhecimento através da obra de seu autor, Axel Honneth, e apresentar sua recepção no Brasil acompanhada de suas críticas e interpretações. Na primeira parte do artigo é apresentado o conjunto da obra do autor, buscando evidenciar sua evolução interna e os diálogos que Honneth estabelece com seus antecessores. Na segunda parte, discute-se a pertinência, abrangência ou adaptabilidade da Teoria do Reconhecimento a partir de dois pontos principais apontados pelas diversas interpretações da obra do autor: 1 a concepção individualista da autonomia e as suas implicações sobre o entendimento do papel da ação coletiva na luta pelo reconhecimento; 2 as dificuldades de operacionalização teórico-metodológica do seu sistema conceitual em estudos empíricos, e ainda associadas aos parâmetros cívicos europeus, ou mesmo alemães, sobre os quais o autor constrói sua noção de normatividade. Como será desenvolvido, esses temas se encontram articulados entre si e explorados pelos diferentes artigos que compõem o presente dossiê.

  8. DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE DO TURISMO: Preceitos da teoria da capacidade de carga turística

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Marçal da Rocha

    2011-12-01

    Full Text Available Resumo - Neste artigo se analisa o preceito de gestão da denominada Capacidade de Carga Turística (CCT, na concepção de que o turismo só poderá se constituir em estratégia eficaz de desenvolvimento para as regiões e ou lugares, quando a preservação das bases ecológicas e os interesses sociais comunitários estiverem aliados às expectativas de ganhos econômicos. A CCT neste sentido passa a ser um importante instrumento de políticas públicas que definem os caminhos que o setor turístico deverá seguir, especialmente nas regiões com fortes atrativos naturais ainda preservados e geralmente, carentes de opções de desenvolvimento. Palavras-Chave: Turismo Sustentável; Sustentabilidade; Capacidade de Carga.

  9. Teoria das representações sociais e teorias de gênero

    OpenAIRE

    Arruda Angela

    2002-01-01

    Este texto objetiva oferecer uma breve panorâmica da teoria psicossociológica das representações sociais, estabelecendo algumas pontes com as teorias feministas de gênero. Nesse sentido, percorre as origens e fundamentos da teoria de Moscovici, as suas variações e alguns pontos de convergência com as teorias feministas.

  10. Teoria das representações sociais e teorias de gênero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arruda Angela

    2002-01-01

    Full Text Available Este texto objetiva oferecer uma breve panorâmica da teoria psicossociológica das representações sociais, estabelecendo algumas pontes com as teorias feministas de gênero. Nesse sentido, percorre as origens e fundamentos da teoria de Moscovici, as suas variações e alguns pontos de convergência com as teorias feministas.

  11. Entre a psicologia e a pedagogia: reflexões sobre o desenvolvimento infantil e o conhecimento escolar à luz da teoria histórico-cultural

    OpenAIRE

    2015-01-01

    Analisamos neste trabalho, os aspectos que marcam a relação da Pedagogia com a Psicologia da Educação, sobretudo a relação entre desenvolvimento e aprendizagem humana explicitada pela teoria Psicogenética. Realizamos uma análise crítica dessa relação à luz das contribuições da Teoria Histórico-Cultural. Demonstramos que a partir da alguns preceitos, a teoria psicogenética estabelece um modelo de educação que toma o desenvolvimento dos processos cognitivos como conteúdo básico para as ações ed...

  12. Influência da temperatura, da massa molar e da distribuição de massa molar na tensão superficial de PS, PP e PE: experimento e teoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreira José C.

    2003-01-01

    Full Text Available Neste trabalho a influência da temperatura, da massa molar (n e da distribuição de massa molar (MWD na tensão superficial de poliestireno (PS foi avaliada utilizando o método da gota pendente. A influência da temperatura na tensão superficial de polipropileno isotático (i-PP e de polietileno de baixa densidade (PELBD também foi estudada aqui. As teorias de Patterson-Rastogi e Dee-Sauer foram utilizadas em conjunção com a teoria de equação de estado de Flory, Orwoll, e Vrij (FOV para prever a tensão superficial (gama utilizando dados de pressão-volume-temperatura (PVT dos polímeros. Ambas teorias prevêem que a tensão superficial diminui linearmente com o aumento da temperatura e aumenta com a massa molar concordando com os resultados experimentais. Entretanto, ambas teorias subestimam a mudança de entropia de formação de superfície por unidade de área a volume constante para sistemas poliméricos de baixa massa molar e polidisperso e subestimam o efeito da distribuição de massa molar na tensão superficial

  13. A evolução da teoria institucional nos estudos organizacionais: um campo de pesquisa a ser explorado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Antonio de Melo Pereira

    2012-11-01

    Full Text Available A teoria institucional vem sendo aplicada nas organizações como elemento central na criação e perpetuação de grupos sociais duradouros no ambiente de trabalho. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é identificar nos principais periódicos internacionais as pesquisas mais relevantes no período de 2006 a 2012 no âmbito de formas inovadoras da abordagem institucionalista. A pesquisa é baseada em um estudo bibliometrico. O artigo apresenta um mapeamento dos estudos em teoria institucional focando nos elementos: caracterização geral dos trabalhos, avaliação do conteúdo e avaliação de referências. Os resultados indicam que a teoria institucional vem sendo estudada no âmbito teórico e prático e, vem sendo utilizada em diversos contextos organizacionais, demonstrando que as organizações sentem a necessidade de padronizar comportamentos e de disseminar a identidade organizacional entre os funcionários. Esses resultados podem ser generalizados para toda a comunidade cientifica. O estudo oferece um guia de avaliação e identificação de tendências de estudos futuros sobre o tema no cenário mundial. 

  14. O humano no homem: os pressupostos teórico-metodológicos da teoria histórico-cultural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Dias Moretti

    2011-12-01

    Full Text Available Esse artigo, de natureza teórica, tem como objetivo apresentar os aportes do enfoque histórico-cultural e da teoria da atividade à compreensão da constituição do humano no homem. O ponto de partida, para explicar o processo de humanização, é a teoria histórico-cultural, cuja origem epistemológica está no materialismo dialético, a partir das obras de Marx. O artigo, primeiramente, apresenta as categorias teóricas centrais à explicação do desenvolvimento e constituição do humano, tais como atividade, consciência, necessidade, motivo, apropriação. Num segundo momento, apresenta as contribuições da perspectiva teórica em foco à educação, especialmente à educação escolar. Entende-se, nesse sentido, a educação como o processo de apropriação da cultura humana resultado da atividade efetiva do homem sobre os objetos e o mundo circundante mediados pela comunicação. Por último, propõe o método materialista histórico dialético como base para a pesquisa em educação e apresenta seus princípios fundamentais à investigação da constituição dos fenômenos humanos.

  15. Reificação e reconhecimento: um estudo a partir da teoria crítica da sociedade de Axel Honneth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rúrion Melo

    2010-11-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1677-2954.2010v9n2p231O conceito de reificação, originalmente formulado por Karl Marx e desenvolvido por Georg Lukács, foi incorporado como uma das categorias centrais da teoria crítica em sua tarefa de diagnosticar patologias sociais. Contudo, para a compreensão atual da utilização do conceito, tornou-se necessário libertar seu referencial originário meramente econômico. É isso o que pretende Axel Honneth ao reatualizar o conceito de reificação e seu potencial crítico-normativo a partir da teoria do reconhecimento. Além de retomar os principais aspectos do conceito de reificação segundo a análise do “fetichismo da mercadoria”, o artigo se concentra em apresentar a interpretação de Honneth para os processos sociais reificantes – nas relações dos sujeitos com o mundo circundante, nas relações sociais entre os sujeitos e nos efeitos patológicos da autoreificação sobre a autorealização ética – e para a produção inovadora do diagnóstico das patologias sociais decorrentes da reificação como “esquecimento do reconhecimento”.

  16. A ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO À LUZ DA TEORIA DE PIAGET: UMA POSSIBILIDADE EPISTEMOLÓGICA PARA A GESTÃO DO CONHECIMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosilene Agapito LLarena

    2016-06-01

    Full Text Available Ressalta a aplicação da Teoria de Piaget na Arquitetura da Informação com o intuito de contribuir para o entendimento do processo de aquisição do conhecimento do usuário ao explorar um determinado ambiente de informação, e consequentemente com a gestão do conhecimento (GC. Além da possibilidade de contribuição para a construção epistemológica desta nova área do conhecimento - a Arquitetura da Informação (AI, o texto objetiva, também, contribuir para o debate relacionado à pesquisa em GC e AI em que a abordagem da maneira de raciocínio e mudança conceitual está intimamente ligada à questão da construção do conhecimento e da aprendizagem dos usuários em um ambiente de informação. Para alcance de tais objetivos, utilizou-se da metodologia bibliográfica para compreender a necessidade de uma arquitetura informacional condizente com o processo de gestão do conhecimento. As reflexões permitem concluir que a arquitetura da informação, à luz da teoria Piagetiana, ajuda o usuário a aprender a buscar informações significativas na construção do conhecimento, configurando-se como possibilidade de contribuição para gestão do conhecimento, por meio da relação com a tecnologia.

  17. A teoria dos códigos linguísticos de Basil Bernstein e a questão da modalidade oral da língua

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudiana Nair Pothin Narzetti

    2016-03-01

    Full Text Available Este artigo apresenta resultados de pesquisa, de caráter bibliográfico e histórico, que consistiu em um retorno à teoria dos códigos restrito e elaborado, do sociólogo da linguagem Basil Bernstein, elaborada para caracterizar as diferenças entre a linguagem da classe trabalhadora e a linguagem da classe média, bem como para explicar as implicações do domínio desses códigos para o sucesso escolar dos estudantes. A pesquisa justificou-se por se tratar de um tema atual, isto é, a discrepância entre a linguagem falada pelo estudante das classes populares e a linguagem falada na escola, que está na origem, ainda hoje, de problemas de aprendizagem de língua portuguesa no Brasil. O objetivo foi retornar à teoria dos códigos e, confrontando-a com os recentes adquiridos da linguística, inquirir se essa teoria pode, atualmente, oferecer elementos para elaboração de metodologias de ensino de língua materna. O ponto de vista escolhido foi o das reflexões recentes, elaboradas no campo da linguística, sobre as modalidades oral e escrita da língua. A pesquisa constatou que os códigos dos quais tratou Bernstein podem ser concebidos como usos linguísticos na modalidade oral com diferentes níveis de formalidade. Nessa perspectiva, as reflexões do autor inglês suscitam um trabalho mais intenso com a produção de textos orais nas aulas de língua portuguesa.

  18. A teoria da autodeterminação e as influências socioculturais sobre a identidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marli Appel-Silva

    2010-08-01

    Full Text Available A teoria da autodeterminação (self-determination theory – SDT foi elaborada em 1981, por Richard M. Ryan e Edward L. Deci, para estabelecer uma psicologia com responsabilidade social e política, de maneira a delinear variáveis que pudessem ser operacionalizadas, inclusive em nível de políticas públicas, com foco em saúde e bem-estar psicológicos. O objetivo desse estudo é apresentar os conceitos principais da SDT e as pesquisas realizadas com base nela. A análise de publicações encontradas ao longo de 30 anos comprovaram a hipótese principal de que um comportamento autodeterminado é fator de saúde psicológica. Por fim, conclui-se que os conceitos dessa teoria podem ser aplicados com relativa facilidade e baixo custo em meios educacionais ou que operem com os cuidados com a saúde da população

  19. Lorde, de João Gilberto Noll: sob um olhar da teoria do imaginário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Hechel Colares da Costa

    2015-04-01

    Full Text Available O foco do estudo é fazer uma leitura do romance Lorde (2004, de Noll, partindo da teoria do imaginário, por isso toma-se como base o teórico Gilbert Durand e, também, Gaston Bachelard. Nessa leitura duas temáticas são destacadas, o espelho e a degradação humana e, ao final, percebe-se como ambas estão ligadas para dar significado ao romance intimista de Noll.

  20. Usos e limites da teoria da escolha racional da religião Uses and limits of the rational choice theory of religion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Mariano

    2008-11-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo apresentar e analisar as principais concepções teóricas propostas por Rodney Stark, Roger Finke e Laurence Iannaccone, formuladores da teoria da escolha racional da religião. Sem pretender ser exaustivo, enfoca suas inovações e limitações, e o debate teórico que suscitaram, examinando as noções de racionalidade, desregulação estatal da religião, monopólio, pluralismo, competição, mercado, oferta, demanda e stricteness.This aim of this article is to present and analyze the main theoretical conceptions proposed by Rodney Stark, Roger Finke and Laurence Iannaccone, formulators of the rational choice theory of religion. Without aiming to be exhaustive, it focuses on their theory's innovations and limitations and the theoretical debate provoked in its wake, examining the notions of rationality, state deregulation of religion, monopoly, pluralism, competition, market, supply, demand and 'strictness.'

  1. Análise da formação de atletas no voleibol brasileiro sob a perspectiva da teoria bioecológica do desenvolvimento humano

    OpenAIRE

    Rother, Rodrigo Lara

    2014-01-01

    Mesmo enfrentando um cenário adverso, o voleibol tem sido uma modalidade esportiva que obtêm sucesso não somente nos resultados conquistados no âmbito internacional, mas principalmente na formação de novos atletas e renovação das seleções nacionais. Este fenômeno é o tema da presente dissertação de mestrado, a qual objetiva analisar, sob a perspectiva da Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, os fatores que determinam o surgimento e desenvolvimento das atletas que chegam a Seleção Bra...

  2. Alguns apontamentos sobre o ensino jurídico, a teoria da complexidade e o projeto pedagógico da Faculdade Ages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Nascimento Silva

    2012-09-01

    Full Text Available O presente artigo discorre sobre alguns tópicos suscitados pela teoria da complexidade para o ensino acadêmico em geral, e para o ensino jurídico. Partindo-se de uma contextualização geral sobre a perspectiva moriniana de complexidade e sobre os elementos fundamentais do projeto pedagógico institucional, apresenta-se a proposta educacional da Faculdade Ages, como uma concretização possível das planificações fomentadas por Edgar Morin. Como questão transversal, aborda-se a crise do ensino jurídico no Brasil.

  3. A insustentável teoria da sustentabilidade: Ideologia e reificação no discurso empresarial da responsabilidade social no Brasil

    OpenAIRE

    Batista, Erika [UNESP

    2013-01-01

    Dadas as condições de exploração e esgotamento dos recursos naturais e sociais criadas pelo modo de sociabilidade capitalista contemporâneo, uma nova tentativa de reestruturação produtiva avança na direção de novas fontes de reprodução da acumulação do capital configurando um novo modelo organizacional: o da sustentabilidade. Articulado sobre três pilares – o desenvolvimento sustentável, a governança corporativa e a responsabilidade social empresarial – esta teoria organizacional está present...

  4. Os riscos na reestruturação econômica da América Latina: lições da teoria prospectiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kurt Weyland

    2000-04-01

    Full Text Available A Teoria Prospectiva, teoria psicológica de tomada de decisões que lançou uma nova luz sobre as escolhas em política externa, sustenta que as pessoas tendem a correr grandes riscos quando encontram perdas, enquanto que, quando antecipam ganhos, tendem a proceder com grande cautela. Este artigo introduz a teoria prospectiva ao estudo de política comparada para explicar as arrojadas escolhas da política econômica de presidentes em países em crise como Argentina, Brasil e Peru e o supreendente grau de apoio popular que tais medidas arriscadas e custosas tiveram nesses países. Da mesma forma procura entender o curso cauteloso das reformas recentes no Chile, um país com melhores projeções econômicas.Prospect theory, a psychological theory of decision making that has shed new light on foreign policy choices, maintains that people tend to take high risks when anticipating gains. This article introduces prospect theory to the study of comparative politics in order to account for the bold economic policy choices that presidents made in crisis-ridden Argentina, Brazil and Peru, and the surprising degree of popular support that such risky and costly measures commanded in these countries; and conversely, to explain the cautious course of reform recently pursued in Chile, a country with better economic prospects.

  5. Na selva das imagens: Algumas contribuições para uma teoria da imagem na esfera das ciências da comunicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malena Segura Contrera

    2006-06-01

    Full Text Available O número de autores e obras que se dedicam à compreensão dos fenômenos relacionados com a visualidade e sua exacerbação nas últimas décadas do século XX tem crescido e consequentemente vem se acirrando a polêmica em tomo deste campo de saber. As contribuições da neurologia, da psicologia, das ciências sociais e das ciências da linguagem sobre o tema têm se mostrado imprescindíveis para uma maior compreensão dos significados e dos usos da imagem para o campo da comunicação. Alguns desses aportes são tratados aqui, notadamente aqueles que transitam pelas áreas da teoria da cultura em suas interfaces com as ciências da comunicação; dentre eles, autores como A. Damásio, B. Cyrulnik, E. Morin, D. Linke e H. Belting recebem atenção privilegiada por transporem as fronteiras da monodisciplinaridade, oferecendo perspectivas mais complexas e processuais para o estudo da imagem no campo da comunicação, fugindo das tipologizações classificatórias.

  6. Sedimentando a teoria da cidade do Sul no tempo e lugar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alan Mabin

    2015-08-01

    Full Text Available ResumoAo mesmo tempo que simpático ao projeto de uma teoria urbana do Sul global e suas pretensões, este artigo é cético sobre a utilidade de uma "teoria urbana desde o Sul". O que precisamos, ou não temos ainda, é algo que não pode ser atingido somente desde o Sul, já que o mundo não está dividido de forma tão simples. O artigo rejeita a noção de que as teorias do "Norte" não possam ser úteis no Sul. Sugere que, ao invés disso, as teorias viajam e, ao fazer isso, são enriquecidas em lugares, regiões, redes e em conversações. Trabalhando entre Paris, Johanesburgo e São Paulo, o artigo sugere uma formulação relacional levando em conta os terrenos comuns entre o Norte e o Sul.

  7. Teorias linguísticas e concepções de língua em provas de vestibular da COVEST/COPSET

    OpenAIRE

    Maciel do Nascimento Silva, Mozeiner

    2005-01-01

    Esta pesquisa tem o objetivo de verificar que teorias lingüísticas e que concepções de línguas estão subjacentes nas provas de vestibular. Para tanto, o corpus selecionado foram as provas de língua portuguesa da 1ª fase elaboradas pela equipe da COVEST/COPSET, para os vestibulares das Universidades Federal e Federal Rural de Pernambuco dos anos de 1990, 1995, 2000 e 2005. Na metodologia desse trabalho, foi traçado o seguinte percurso: primeiro, apresentam-se as teorias lingüísticas, concepçõe...

  8. A GESTÃO UNIVERSITÁRIA E OS CONFLITOS ENTRE A ALTA GESTÃO E GESTÃO NO CAMPUS: UM OLHAR DA TEORIA DA AGÊNCIA

    OpenAIRE

    Reis, Edson Andrade dos

    2014-01-01

    A Teoria da Agência oferece meios para o estudo dos problemas advindos da separação entre propriedade e controle, focando as relações entre aquele que detém a propriedade, e o agente a quem realiza a gestão. O objetivo desta pesquisa é verificar em Instituições de Ensino Superior do Sul do Brasil, como se apresenta a Teoria da Agência e se há evidencias da existência de Custos de Agência. Esse estudo caracteriza-se como qualitativo, pois se pretendeu compreender um fenômeno em contato direto ...

  9. Uma Necessária Limitação ao Atual Conceito de Discricionariedade Administrativa: Fundamentos da Teoria da Discricionariedade Mínima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Cesar de Sá da Rocha

    2011-12-01

    Full Text Available This writing reflects the necessityto limit the administrative discretionarity.This article preaches the precepts of the MinimumDiscretionarity Theory. Also brings thenewest theory of separation of powers, framingthe politic judicialization as a necessaryprocess to the attainment of fundamental directs.So, this script concludes that, not beingadopted the more profitable decision, the Efficiencyand Legality Principles will be injured,even as the Fundamental Rights to Good Administration,having the Judiciary authorizationto control the emanated administrativeact. In conclusion, the article deals with theTheory of the Minimum Discretionarity in environmentallaw.O presente escrito realiza uma reflexão sobre a necessidade de limitação da discricionariedade administrativa, visto que não é aceitável a manutenção de ato administrativo que viole o princípio da eficiência e, dessa forma, o princípio da legalidade em sentido material. O artigo prega os preceitos da Teoria da Discricionariedade Mínima, segundo o qual apenas fugiria à apreciação do Judiciário os atos emanados em situações onde não é possível distinguir uma "melhor solução". Traz também a mais nova teoria de separação dos poderes, enquadrando a judicialização da política como processo necessário à consecução dos direitos fundamentais. Desse modo, o presente trabalho conclui que, não sendo adotada a decisão mais proveitosa, restariam feridos os Princípios da Eficiência e da Legalidade, estando o Judiciário autorizado a realizar o controle do ato administrativo emanado.

  10. Educação especial: compreendendo a produção do conhecimento com a teoria da complexidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camyla Antonioli

    2015-04-01

    Full Text Available O artigo objetiva estabelecer relações entre a produção do conhecimento em educação especial e os métodos de pesquisa nessa área de estudos. Ao encontro do debate proposto e como fio condutor para uma análise qualitativa, a fundamentação teórica apresenta conhecimentos da Teoria da Complexidade (MORIN, 2000, 2005. A produção do conhecimento em educação especial cresce quantitativamente principalmente após a vigência das atuais políticas educacionais, como consequência disso, foi expandida a utilização de métodos de pesquisa. O debate proposto é descrito como um desafio, pois não se deixa por saciar, sendo assim compreendido como constante e emergente.

  11. Epistemologia da Informática em Saúde: entre a teoria e a prática

    OpenAIRE

    Colepícolo, Eliane [UNIFESP

    2008-01-01

    Epistemologia da Informática em Saúde: entre a teoria e a prática. Eliane Colepí-colo. 2008. CONTEXTO. O objetivo dessa pesquisa é compreender a epistemologia da área de Informática em Saúde (IS) por meio de um estudo comparativo entre aspectos teóricos e práticos desta disciplina. MATERIAIS E MÉTODOS. O estudo foi dividido em 3 eta-pas: estudo estatístico, estudo terminológico e estudo epistemológico. O estudo esta-tístico envolveu o desenvolvimento e uso de robô para extração de metadados d...

  12. Teorias sobre a propagação da febre amarela: um debate científico na imprensa paulista, 1895-1903

    OpenAIRE

    Lódola,Soraya; Góis Junior,Edivaldo

    2015-01-01

    O artigo descreve o debate sobre as teorias de propagação da febre amarela na imprensa paulista. Nosso recorte temporal foi definido entre 1895 e 1903, período de grande incidência da enfermidade no Brasil e de crescente influência da bacteriologia nas teorias sobre as doenças. Realizou-se pesquisa documental em jornais de grande circulação de São Paulo e periódicos médicos da época. Os dados empíricos foram coletados no Arquivo Público do Estado de São Paulo e na biblioteca da Faculdade de S...

  13. Por um sangue bandeirante: Pacheco e Silva, um entusiasta da teoria eugenista em São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Novaes Serra

    2014-03-01

    Full Text Available O intuito deste artigo foi o de analisar as contribuições do médico Antônio Carlos Pacheco e Silva para a consolidação de uma psiquiatria de cunho eugenista, nas primeiras décadas do século XX, em São Paulo. Buscamos salientar também a influência do médico, e de outros integrantes da Liga Paulista de Higiene Mental (LPHM, na divulgação de teorias racistas para a exclusão social de menores denominados de "anormais". Para tanto, utilizamos parte do material do acervo do Museu Histórico Prof. Carlos da Silva Lacaz, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP. Como conclusão, percebemos que a ciência eugênica, adaptada para as condições locais, serviu para a psiquiatria paulista, desse período, justificar as desigualdades sociais pelo discurso da biologia e legitimar práticas de internação de crianças, que por sua constituição genética obstruiriam a formação de uma "raça paulista".

  14. Processo civilizador e colonização em Norbert Elias: uma Teoria Interpretativa através da Sociologia, da História e da Psicologia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Campos Gonçalves

    2013-07-01

    Full Text Available A teoria eliaseana do processo civilizador, que sustenta que a estrutura do comportamento civilizado está estreitamente inter-relacionada com a organização das sociedades ocidentais sob a forma de Estados, apresenta uma abordagem original para se estudar a sociedade e as relações humanas através de um ponto-de-vista que congrega uma perspectiva da psicologia, da sociologia e da história. Entretanto, há uma associação entre o processo civilizador e os processos de colonização europeus mencionada por Elias em seu percurso intelectual que normalmente detém pouca e por vezes nenhuma atenção daqueles que estudam o assunto. Este artigo oferece uma exegese que descreve as diretrizes principais através das quais Norbert Elias desenvolveu seu pensamento: as linhas gerais de sua sociologia, o conceito de civilização, a relação entre estrutura psíquica e formação dos Estados, a difusão do processo civilizador europeu através da colonização. Trata-se de observar a construção de um modelo interpretativo das interações sociais que tem potencial para abrir novas perspectivas de abordagem historiográfica e de construção de objetos de estudo para aqueles que se debruçam sobre os contextos coloniais gerados pelo expansionismo europeu.

  15. Contribuições da Teoria da Argumentação na língua para o ensino de leitura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Tinoco Cabral

    2011-12-01

    Full Text Available Com raízes que remontam aos anos 70 do século XX, desenvolveu-se, nos anos 80, na França, uma noção de argumentação voltada para uma abordagem linguística, dedicada ao estudo dos meios que oferece a língua para a construção de um discurso visando a uma orientação argumentativa. A Teoria da Argumentação na Língua, tal como a postularam Anscombre e Ducrot na década de 1980 e a desenvolvem atualmente Ducrot e Carel, toma a palavra argumentação num sentido restrito à argumentação linguística. Ducrot (1994, Anscombre e Ducrot (1997, com a Teoria da Argumentação na Língua e, posteriormente, Ducrot e Carel (2001, com a Teoria dos Blocos Semânticos, defendem que língua impõe restrições para os encadeamentos argumentativos possíveis, pois eles estão ligados à estrutura linguística dos enunciados. Com base em pesquisas buscam aplicações dessas teorias ao ensino de leitura e escrita, o trabalho aborda os postulados de Carel e Ducrot e seus desdobramentos e mostra como os postulados teóricos defendidos por esses estudiosos da linguagem podem subsidiar estratégias para a prática de produção textual contemplando o uso persuasivo da argumentação linguística. O texto apresenta, a título de exemplificação, a análise de um texto ressaltando o caráter subjetivo das escolhas linguísticas; e aponta perspectivas para a aplicação, para o ensino de produção textual, dos conceitos explorados nas análises.

  16. Da estrutura prática à conjuntura interactiva – relendo o Esboço de uma teoria da prática de Pierre Bourdieu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telmo H. Caria

    2012-10-01

    Full Text Available A recente edição em português, pela Celta Editora, do Esquisse d’une théorie de la pratique é um bom pretexto para relermos um dos clássicos da teoria social pós‑estruturalista (Bourdieu, 2002, passados 30 anos da sua primeira publicação, em 1972. Mais do que isso, foi para mim o reencontro com o autor que, penso, mais influenciou, na primeira metade da década de oitenta, a primeira geração de sociólogos licenciados em Portugal, na qual me incluo. Lembro que na altura, para muitos de nós, nu...

  17. TEORIAS JUSTIFICATIVAS DA CONTABILIDADE SOCIAL: A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES DE CURSOS DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS NO DISTRITO FEDERAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ABRAÃO PERPÉTUO GUIMARÃES

    2007-08-01

    Full Text Available Com as mudanças ocorridas no cenário mundial, cresceu a pressão por informações sobre a influência das atividades da empresas na sociedade. A Contabilidade Social apresenta-se como o ramo da contabilidade responsável por prestar informações em resposta às pressões exercidas pelos atores sociais, pelos investidores e pela própria administração. Várias são as teorias para o surgimento da área, entre essas, destacam-se a Teoria dos Stakeholders, a Teoria da Legitimação e a Teoria Radical/Revolucionária. Este trabalho apresenta a percepção de discentes de cursos de Ciências Contábeis no Distrito Federal em relação a essas teorias, visto que os discentes de hoje serão, no futuro, contadores e parte do processo de evidenciação da interação das empresas com a sociedade. Constatou-se que, para a amostra estudada, a percepção predominante é de que não seja necessária uma brusca ruptura na contabilidade para que esta possa atender aos interesses sociais de informação, ou seja, para esses futuros contadores há a necessidade deste tipo de informação da empresa, mas não é necessário que se crie uma nova contabilidade para se fornecer esta informação.

  18. PERCEPÇÃO DOS GRADUANDOS EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE SALVADOR (BA SOBRE OS CONCEITOS RELEVANTES DA TEORIA DA CONTABILIDADE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Leal Bruni

    2012-06-01

    Full Text Available Um domínio apropriado dos conceitos básicos da Contabilidade e uma análise das suas características são essenciais para o desenvolvimento da Teoria Contábil. O processo de tomada de decisões financeiras exige o conhecimento de valores econômicos adequados, o que se torna cada vez mais demandado pelos usuários da Contabilidade. Este trabalho, portanto, buscou aferir a compreensão de alguns termos explorados no contexto da disciplina Teoria da Contabilidade, tais como ativos, passivos, goodwill, receitas, despesas, ganhos e perdas. Examinou-se uma amostra composta por 591 alunos matriculados em cursos de Ciências Contábeis que já haviam frequentado a disciplina Teoria da Contabilidade em instituições de ensino superior localizadas na cidade de Salvador (BA. A análise dos resultados por meio de uma regressão logística indica que a relação desempenho do discente e titulação do docente é mais significativa que a relação desempenho do discente e tipo da IES, contudo, de forma geral, conceitos superficiais sobre os tópicos tratados nesse trabalho foram citados em todos os níveis. Os resultados evidenciaram, em geral, falhas na compreensão de conceitos contábeis relevantes para a formação do aluno, refletindo majoritariamente uma visão superada ou, no mínimo, conservadora. Quando comparados por tipo de instituição de ensino, os resultados indicam que estudantes de instituições públicas possuem melhor domínio dos conceitos considerados neste estudo. A compreensão melhora um pouco mais quando a titulação do docente evolui de especialista para mestre e deste para doutor.

  19. O mercado no fórum: uma teoria econômica da demagogia The market in the forum: an economic theory of demagogy

    OpenAIRE

    Fernando Haddad

    2000-01-01

    A partir de uma análise crítica da teoria econômica da democracia de Downs, examinam-se, em termos do problema da "seleção adversa" de Ackerlof, os efeitos da assimetria de informação entre candidatos (com taxas diferentes de demagogia) e eleitores (com níveis diferentes de conhecimento), contra o pano de fundo da relação entre divisão de trabalho e democracia.On the basis of an analysis of Downs' economic theory of democracy the effects of information asymmetry between candidates (with diffe...

  20. A ansiedade da unidade: uma teoria da edição / L’ansia di unità: Una teoria dell’edizione

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jerónimo Pizarro

    2016-12-01

    Full Text Available Em 1973 Harold Bloom publicou o livro The Anxiety of Influence: A Theory of Poetry. Uma variação sobre este título poderá ser-nos hoje útil para abordar um outro tipo de ansiedade: o da unidade. Os campos da edição e da interpretação vivem imersos nesse outro tipo de ansiedade. Tanto a interpretação, preocupada com a intenção do autor, da obra ou do leitor, como a edição, angustiada com as intenções finais do autor e o estabelecimento do copy-text, parecem, por vezes, pouco capazes de se libertarem desse ensejo de unidade e de se adaptarem à existência da multiplicidade. Neste artigo, procuro fazer um novo apelo a uma necessária mudança de paradigma, atendendo, em especial, às novas e libertadoras possibilidades potenciadas pela edição electrónica. In 1973 Harold Bloom published his book The Anxiety of Influence: A Theory of Poetry. A variation on this title might be useful for us today to refer to another kind of anxiety: the anxiety of unity. The fields of editing and interpretation lie within this other kind of anxiety. Interpretation, concerned with the author’s, the reader’s or the work’s intention, and editing, worried about the author’s final intentions and the setting up of the copy-text, seem, at times, unable to free themselves from the need to attain unity and adapt to the existence of multiplicity. In this article I intend to make a new appeal on behalf of a change of paradigm, addressing, especially, the new and liberating possibilities of electronic editing

  1. ALGUNS ASPECTOS DA RELAÇÃO ENTRE A TEORIA SAUSSURIANA DA LINGUAGEM E A TEORIA DO SIGNIFICANTE LACANIANO A FEW ASPECTS OF THE RELATION ENTER THE SAUSSURE'S THEORY OF THE LANGUAGE AND THE THEORY OF THE LACAN'S SIGNIFICANT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Augusto Franco Fernandes

    2010-05-01

    Full Text Available Faz-se necessário uma busca de elementos que venham a facilitar a compreensão das origens do significante lacaniano, na tentativa de esclarecer, pela via do estruturalismo lingüístico, até onde vai, realmente, a influência saussuriana. Sabe-se que o significante lacaniano, mesmo tendo como referência epistemológica o significante saussuriano, ambos não devem ser confundidos. Normalmente se atribui a Ferdinand de Saussure a invenção da teoria do signo. Ressaltaremos, entretanto, que essa “invenção” é bem anterior às teorias do lingüista genebrino. Levaremos em conta as observações de Jean-Luc Nancy e Philippe Lacoue-Labarthe, na medida em que esses autores demonstram que o deslocamento operado sobre o esquema saussuriano não vai depender, como comumente se pensa, da autonomia do significante. Verificaremos, portanto, até que ponto mostra-se legítimo o uso do termo significante na teoria lacaniana.A search of elements becomes necessary to facilitate the understanding of the origins of the Lacan´s significant, in the attempt to explain through structural linguistic, the limits of the Saussure´s influence. It is known that the Lacan´s significant, even though has the Saussure´s influence as a reference in epistemology, both “significant” must not be mistaken. It is usually attributed to Ferdinand de Saussure the invention of the theory of the linguistic sign. We will stand out, however, that this “invention” is previous to the theories of the genevan linguist. We will observe the comments of Jean-Luc Nancy and Philippe Lacoue-Labarthe, to the point where these authors demonstrate that the displacement operated on the Saussure´s scheme will not depend on, as it is well known, the significant’s autonomy. It will be verified, therefore, how legitimate it is, the use of the significant´s term in the Lacan´s theory.

  2. Teorias sobre a propagação da febre amarela: um debate científico na imprensa paulista, 1895-1903

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soraya Lódola

    2015-09-01

    Full Text Available O artigo descreve o debate sobre as teorias de propagação da febre amarela na imprensa paulista. Nosso recorte temporal foi definido entre 1895 e 1903, período de grande incidência da enfermidade no Brasil e de crescente influência da bacteriologia nas teorias sobre as doenças. Realizou-se pesquisa documental em jornais de grande circulação de São Paulo e periódicos médicos da época. Os dados empíricos foram coletados no Arquivo Público do Estado de São Paulo e na biblioteca da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Foi identificado confronto entre as teorias de propagação da febre amarela, revelador de disputa simbólica por espaço na constituição do campo científico.

  3. Mediação da informação, Ciência da Informação e teorias curriculares: a transdisciplinaridade na formação do profissional da informação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marielle Barros de Moraes

    2013-07-01

    Full Text Available Introdução: No campo da Ciência da Informação e da Educação, o conceito de mediação vem tomando cada vez mais espaço nas discussões entre os pesquisadores, principalmente, com o advento do que se convencionou denominar de Sociedade da Informação.Objetivo: Analisar as relações entre Mediação da Informação, Ciência da Informação e Teorias de Currículo, tomando por base as teorias educacionais de Henry Giroux, com os paradigmas da Ciência da Informação de Rafael Capurro e as correntes teóricas da Ciência da Informação delineadas por Carlos Alberto Ávila Araújo. Metodologia: Análise comparativa entre as teorias educacionais, os paradigmas e as correntes teóricas da Ciência da Informação investigando a contribuição dessas teorias para se (repensar a formação de profissionais da informação/bibliotecários, investigando o papel da mediação da informação na construção de um currículo transdisciplinar para a Biblioteconomia. Resultados: Demonstram que as novas tecnologias estão redefinindo o papel da escola e os valores que a permeiam, tornando necessária a educação  tecnológica em vez de uma educação técnica, assediando que a formação de bibliotecários propicie a que estes atuem como mediadores do conhecimento, apropriando-se das tecnologias, sem serem apropriados por ela.Conclusões: De um modo geral, a concepção de mediação como ação educativa que se estabeleceu hegemonicamente prioriza algumas modalidades de informação, de tipos de leitura e de práticas de intermediação cultural legitimadas pelo status quo, em detrimento de outras, que valorizariam o estabelecimento de vínculos mais orgânicos dos sujeitos com o conhecimento prático, racional e técnico.

  4. As máscaras da democracia: notas sobre a teoria democrática contemporânea à luz dos eixos dahlsianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla V. Sales

    2005-06-01

    Full Text Available Neste artigo, proponho-me a tecer considerações sobre o debate central que caracteriza a teoria democrática contemporânea, trabalhando, de um lado, com o minimalismo schumpeteriano e, do outro, com uma de suas teorias rivais, a teoria deliberativa. Parto do princípio de que, por meio das lentes do minimalismo, a democracia é vista como mercado; pondo as lentes da teoria deliberativa, como fórum. E, valendo-me dessas abstrações, faço da figura bidimensional dahlsiana, originalmente composta pelos eixos competição (y e participação (x, uma figura agora formada pelos eixos mercado (y e fórum (x. A analogia visa a destacar os pontos cruciais das teorias abordadas, de algum modo tornando mais apreensível a complexa - e confusa - rede de discussões que circundam o tema. Terminada a exposição, concluo ser possível pensar o debate na moderna teoria democrática como devendo ser direcionado, simultaneamente, tanto à visão minimalista quanto à deliberativa - ao mercado e ao fórum -, porque a interpretação da democracia como mercado não exclui sua interpretação como fórum, assim como a competição, em Dahl, não exclui a participação, ainda que ambas possam variar independentemente.

  5. Contribuição das teorias de enfermagem para a construção do conhecimento da área

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Ribeiro Garcia

    2004-04-01

    Full Text Available Neste ensaio são discutidos alguns aspectos acerca do fenômeno conhecimento e da atividade de conhecer, que servem ao propósito de situar a perspectiva a partir da qual as autoras compreendem qual tem sido a contribuição das teorias de enfermagem para a construção do conhecimento da área. As teorias de enfermagem selecionam, definem e inter-relacionam conceitos representativos de fenômenos que estão no domínio de interesse da profissão. Garantir a compreensão e o reconhecimento intersubjetivo do significado dos conceitos incluídos nesses referenciais teóricos é um aspecto básico, pois eleva seu potencial de aplicabilidade prática, seja no ensino, na pesquisa ou na assistência de enfermagem.

  6. Entre a psicologia e a pedagogia: reflexões sobre o desenvolvimento infantil e o conhecimento escolar à luz da teoria histórico-cultural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliza Maria Barbosa

    2015-12-01

    Full Text Available Analisamos neste trabalho, os aspectos que marcam a relação da Pedagogia com a Psicologia da Educação, sobretudo a relação entre desenvolvimento e aprendizagem humana explicitada pela teoria Psicogenética. Realizamos uma análise crítica dessa relação à luz das contribuições da Teoria Histórico-Cultural. Demonstramos que a partir da alguns preceitos, a teoria psicogenética estabelece um modelo de educação que toma o desenvolvimento dos processos cognitivos como conteúdo básico para as ações educativas, considerando-se que o êxito na transmissão de conhecimentos às crianças depende prioritariamente da existência de esquemas de assimilação inerentes à atividade do sujeito. Entretanto, pautados na Teoria Histórico-Cultural, reafirmamos uma compreensão da criança como sujeito que tem necessidade de aprender e crescer em um mundo de objetos, pessoas e lugares portadores de saberes. Assim deve ser pensada a ampliação do conhecimento cultural e humano produzido na escola engendrada pelas ações pedagógicas. Quanto mais conhecimento as crianças dominam, maior o seu poder sobre os processos que determinam suas vidas e suas condições de existência na realidade social. Ou seja, é através da apropriação dos processos engendrados culturalmente (pela educação que, no decurso da vida as crianças adquirem as propriedades e faculdades verdadeiramente humanas.

  7. A teoria da lógica mental: e os estudos empíricos em crianças e adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dias Maria da Graça Bompastor Borges

    2003-01-01

    Full Text Available Discorremos sobre a teoria da lógica mental como hoje se apresenta, as controvérsias oriundas dos estudos que utilizam a Tabela de Verdade da Lógica Padrão e os estudos empíricos com crianças e adultos que dão suporte à lógica proposicional e à lógica predicativa.

  8. Enfrentamento da morte fetal pela enfermagem na abordagem disposicional e na Teoria Motivacional do Coping

    OpenAIRE

    Cravinho,Camilla Ramos Medalane; Cunha,Ana Cristina Barros da

    2015-01-01

    O enfrentamento (coping) tem sido entendido como uma ação autorregulatória de ajuste ao desequilíbrio provocado pelo estressor, sempre com função adaptativa, ainda que a estratégia de enfrentamento não seja resolutiva. Duas abordagens têm esta definição em comum - a Abordagem Disposicional e a Teoria Motivacional do Coping. Visando a estudar o copingda morte fetal, 36 profissionais de enfermagem de dois hospitais públicos responderam, individualmente, o Inventário COPE com 60 itens e uma Entr...

  9. Diferenças individuais: temperamento e personalidade; importância da teoria

    OpenAIRE

    Ito,Patrícia do Carmo Pereira; Guzzo,Raquel Souza Lobo

    2002-01-01

    Este artigo objetiva apresentar um histórico sobre o estudo do temperamento, bem como o enfoque teórico de diferentes autores sobre sua definição e dimensões. Considerando concepções teóricas distintas, são estabelecidos os principais aspectos que caracterizam o temperamento em todas as teorias. São enfocadas também as principais relações estabelecidas entre temperamento e personalidade e aspectos que os diferenciam

  10. A MOTIVAÇÃO DO ACADÊMICO SOB A ÓTICA DA TEORIA DA AUTODETERMINAÇÃO: UM ESTUDO NO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA HORUS FACULDADES DE PINHALZINHO/SC

    OpenAIRE

    Warken, Ines Liani Menzel, 1972-; Biavatti, Vania Tanira

    2013-01-01

    Diversos estudos sobre incentivos na acadêmica com base na Teoria da Autodeterminação avaliam a motivação interna e externa para prosseguir nos cursos. Esta pesquisa objetivo investigar com base na teoria da autodeterminação o nível motivacional dos acadêmicos do curso de ciências contábeis da Horus Faculdades de Pinhalzinho Santa Catarina a diferença motivacional entre ingressantes e concluintes e a relação com os índices de evasão. Foi aplicado questionário do modelo Escala de Motivação Aca...

  11. Elementos Estáticos da teoria política de Augusto Comte: as pátrias e o Poder Temporal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Biscaia de Lacerda

    2004-11-01

    Full Text Available O presente artigo apresenta alguns dos elementos da teoria política de Augusto Comte, dentro da sua Sociologia Estática, como componentes do que se poderia denominar sua teoria do Estado. Assim, após apresentar alguns dos pressupostos teóricos e metodológicos do fundador do Positivismo, o artigo concentra-se na exposição de suas teorias das pátrias e do Poder Temporal. Enquanto as pátrias constituem a base física da organização política, como resultante da união das famílias, nelas dando-se as relações de classe, o Poder Temporal é a própria função governativa, cujo âmbito de atuação é a ordem material da sociedade. Complementarmente ao Poder Temporal há o Poder Espiritual, responsável pela ordem intelectual e moral da sociedade, o que inclui a fiscalização e a legitimação do outro poder.

  12. Estudo sobre a emergência de padrões de estrutura organizacional em empresas atuantes no Brasil: uma abordagem baseada na teoria da complexidade e do caos

    OpenAIRE

    Jefferson Freitas Amancio de Oliveira

    2013-01-01

    A proposta da tese é contribuir para um melhor entendimento das organizações por meio da utilização de conceitos da teoria da Complexidade e Caos. Entendendo a organização como um sistema adaptativo complexo, busca-se, através de aspectos relacionados à conectividade, interdependência e diversidade, a identificação de padrões de estrutura organizacional em empresas brasileiras. Foi realizada uma pesquisa exploratória a partir de bases de dados de 417 empresas, 118 mil de seus funcionários, de...

  13. Um entendimento linear sobre a teoria de Peplau e os Princípios da Reforma Psiquiátrica Brasileira

    OpenAIRE

    Cardoso,Taís Veronica Macedo; Oliveira,Rosane Mara Pontes de; Loyola,Cristina Maria Douat

    2006-01-01

    Trata de uma análise sobre os conceitos contidos na teoria de Hildegard Peplau, datados de 1952 e associá-los aos preceitos da Reforma Psiquiátrica Brasileira considerando a realidade social e histórica dessa associação. Partiu-se da análise sistemática do livro Interpersonal Relations in Nursing e dos conceitos nele existentes. O estudo foi realizado sob o enfoque da metanálise, que ajudou na compreensão dos conceitos estudados. A partir da análise das duas referências teóricas, compreendemo...

  14. El concepto de selección interna y la sujeción de la Biología Evolucionaria del Desarrollo al modelo de explicación variacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Caponi

    2008-01-01

    hoje quer resgatar, podem ser considerados desde uma perspectiva variacional ou seleccional compatível, mas não assimilável, à Teoria da Seleção Natural. Assim, considerado como um conceito autônomo e diferente ao de seleção natural, o conceito de seleção interna faz possível compreender de que modo isso que Wallace Arthur chama viés desenvolvimiental constitui uma causa, efetiva e positiva, de transformações evolutivas irreversíveis e acumuláveis.

  15. As teorias da história e a história ensinada no ensino fundamental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lia Machado Fiuza Fialho

    2017-02-01

    Full Text Available Resumo: Objetiva discutir as interfaces das teorias da História e a História ensinada no ensino fundamental, com ênfase na “alfabetização histórica” no século XXI. Como metodologia de pesquisa utilizou-se grupo focal, com 21 pesquisadores e professores que atuavam no campo do Ensino de História e História da Educação. Constatou-se que o ensino no século XXI deve propiciar a aprendizagem de maneira contextualizada, relacionando a pessoa, o tempo e o espaço, em uma perspectiva de produção e transformação da sociedade, na qual o aluno é concebido como sujeito histórico inserido no âmbito dialógico-crítico, tendo o professor como um mediador. Palavras-chave: Ensino. História. Correntes teóricas.

  16. Do “nóis fumo” ao “nós fomos”: introdução ao estudo do pensamento e da linguagem, a partir das teorias de Vygotsky e da teoria padrão de Chomsky

    OpenAIRE

    Pozza, Patrícia dos Reis

    2010-01-01

    Resumo:Este trabalho apresenta questões introdutórias sobre as teorias de Vygotsky e Chomsky (teoria padrão) com relação ao tema linguagem e pensamento, a partir da consideração da história de Márcia, uma moça do interior que, ao chegar à cidade, muda sua forma de se expressar lingüisticamente. Abstract:From the change of some linguistic expressions by Márcia, a young countryside woman who arrives to the city, this work presents some introductory topics about language and thought in Vygotsky'...

  17. A constituição das teorias pedagógicas da educação física

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bracht Valter

    1999-01-01

    Full Text Available O presente ensaio analisa o processo de construção das teorias pedagógicas da educação física no Brasil, buscando demonstrar como elas refletem a concepção e o significado humano de corpo engendrados na e pela sociedade moderna. O texto apresenta as teorias pedagógicas que no âmbito da educação física se colocam numa perspectiva crítica em relação aos usos e aos significados atribuídos pela sociedade capitalista às práticas corporais. E, finalmente, problematiza a possibilidade de estarmos diante de uma ruptura da visão moderna de corpo, refletindo sobre os desafios que essa transição coloca para a educação/educação física.

  18. A constituição das teorias pedagógicas da educação física

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Bracht

    Full Text Available O presente ensaio analisa o processo de construção das teorias pedagógicas da educação física no Brasil, buscando demonstrar como elas refletem a concepção e o significado humano de corpo engendrados na e pela sociedade moderna. O texto apresenta as teorias pedagógicas que no âmbito da educação física se colocam numa perspectiva crítica em relação aos usos e aos significados atribuídos pela sociedade capitalista às práticas corporais. E, finalmente, problematiza a possibilidade de estarmos diante de uma ruptura da visão moderna de corpo, refletindo sobre os desafios que essa transição coloca para a educação/educação física.

  19. Teorias pós-críticas da juventude: juvenilização, tribalismo e socialização ativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Antonio Groppo, Brasil.

    2015-07-01

    Full Text Available (analítico: Por meio de uma revisão analítica da bibliografa fundamental sobre sociologia da juventude, objetivou-se compreender as concepções sociológicas de juventude na contemporaneidade. Elas podem ser descritas como teorias pós-críticas da juventude, destacando-se duas tendências. Primeiro, aquela influenciada pelas correntes pós-modernistas e pós-estruturalistas, que geraram noções como “tribos juvenis” e “juventude-signo”. Segundo, aquela influenciada pelas teorias da segunda modernidade, que refletem sobre a quebra na linearidade das transições juvenis e sobre as socializações ativas. Estas teorias implodem a concepção tradicional de juventude, do estrutural-funcionalismo, tornando a sociologia da juventude uma especialidade em que é necessário paciência e habilidade para lidar com imprecisos e flexíveis referenciais, como socialização, moratória, transição e tribos

  20. INFOINCLUSÃO EM PIRAÍ DIGITAL: EVIDÊNCIAS EMPÍRICAS A PARTIR DA TEORIA ATOR-REDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adonai Teles

    2012-08-01

    Full Text Available O artigo apresenta o status quo do programa Piraí Digital, com base na Teoria Ator-Rede (ANT e no modelo heurístico de inclusão digital (2iD. Numa primeira etapa desta pesquisa, o modelo heurístico original foi expandido com base nos pressupostos da ANT, gerando uma versão mais adequada (e2iD para a observação do fenômeno da infoinclusão em Piraí. Em seguida, a ANT foi adotada como suporte metodológico para que os autores, por meio de entrevistas e observação direta, compreendessem, sob a ótica dos atores ouvidos, como a infoinclusão tem ocorrido no município de Piraí. A partir daí, os resultados são apresentados com base na taxonomia da ANT e dos elementos do modelo e2ID. O presente trabalho de pesquisa sobre a infoinclusão em Piraí começou em 2007 e se estendeu até os últimos meses de 2009. Concluiu-se que a inclusão digital em Piraí tem sido uma realidade na administração pública local, na educação e na saúde. Porém, percebeu-se que o setor produtivo e a sociedade civil local, pouco ou nada tem se beneficiado do programa em questão. Finalmente, foi possível compreender o papel dos vários atores públicos nas redes de atores da ANT e explicar porque os resultados de Piraí Digital não têm, até agora, impactado homogeneamente a sociedade local.

  1. A teoria merleau-pontyana da linguagem e a biblioterapia / The merleau-ponty theory of language and bibliotherapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarice Fortkamp Caldin

    2011-01-01

    Full Text Available O artigo expõe o problema da linguagem, com abordagem fenomenológica, como foi tratado por Husserl e por Merleau-Ponty. Husserl considerou a linguagem um objeto do pensamento, essência de uma gramática universal. Merleau-Ponty defendeu a linguagem como meio por excelência de comunicação, cujos signos refletem a cultura e as palavras possuem corporeidade. A teoria merleau-pontyana da expressão admite duas linguagens: a fala falada e a fala falante. A linguagem falada é o conjunto das significações de uma língua; a linguagem falante é transfiguração dessas significações. É da fala falante, produtora de significados, que se ocupa a biblioterapia. Relata-se um Programa de Leitura Terapêutica desenvolvido em uma escola da rede pública estadual no interior da Ilha de Santa Catarina. Tal Programa contemplou leitura, narração e dramatização de textos ficcionais. Apostou no envolvimento dos alunos com o lúdico e o poético e creditou à literatura possibilidades terapêuticas. O diálogo posterior à história (a experiência do outro, a socialização (descontração e alegria e a retomada do texto (recriação foram considerados exercícios terapêuticos. Concluiu-se que a biblioterapia é um tratamento alternativo e despretensioso em que a fala, na leitura, narração ou dramatização pode agir como uma terapêutica.

  2. Cognição social na esquizofrenia: um enfoque em habilidades teoria da mente Social cognition in schizophrenia: focus on theory of mind abilities

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helio Tonelli

    2009-01-01

    Full Text Available "Teoria da mente" é o nome que tem sido dado à habilidade que os seres humanos têm de inferir os estados mentais ou as intenções de outros seres humanos. Tais habilidades fazem parte de um grupo maior de capacidades cognitivas, especificamente relacionadas ao comportamento social, denominado cognição social. A esquizofrenia é um transtorno mental que costuma cursar grave comprometimento do funcionamento social. Existem vários estudos correlacionando transtornos das habilidades teoria da mente e sintomas da esquizofrenia com resultados ainda controversos. Muitos autores acreditam que os sintomas da esquizofrenia podem ser diretamente compreendidos à luz de alterações das habilidades teoria da mente, enquanto outros argumentam que as alterações dessas habilidades observadas em esquizofrênicos são reflexo de seu comprometimento cognitivo geral. Ainda existem poucos estudos relacionando o impacto do uso de antipsicóticos sobre a cognição social e habilidades teoria da mente e eles apresentam problemas metodológicos."Theory of mind" is the term used to designate human abilities to infer the state of mind or intentions of others. Such abilities are part of a major group of cognitive capabilities specifically related to social behavior, known as social cognition. Schizophrenia is a mental disorder that usually consists of severe social functioning. There are many studies available on the relations between disorders of theory of mind abilities and schizophrenia symptoms. Many authors believe that schizophrenia symptoms might be directly understood by focusing on some changes in Theory of Mind abilities. Other authors claim that such changes observed in schizophrenic patients are the result of their general cognitive impairment. There are still few studies related to the impact of the use of antipsychotics on social cognition and Theory of Mind abilities, which present methodological problems.

  3. Teoria da identidade: estudo da existência de ações socioambientais semelhantes no setor elétrico brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alita de Oliveira Arantes

    2013-01-01

    Full Text Available De acordo com a teoria da identidade, uma identidad e significa reconhecer as semelhanças internas ao grupo e as diferenças com outros. A tem ática da identidade e a análise das ações socioambientais justificam-se pela problemática da necessidade de políticas de sustentabilidade empresarial de que o mundo necessi ta para o desenvolvimento da sociedade. O presente trabalho tem o objetivo de analisar a ex istência de grupos a partir de suas identidades e se as empresas pertencentes a um dete rminado grupo tendem a realizar ações socioambientais semelhantes. Os grupos foram defini dos como financeiros e socioambientais financeiros, por meio do enfoque que cada empresa r etratava na sua missão, visão e valores. Os programas e projetos socioambientais foram obtid os nos relatórios de sustentabilidade de empresas que seguiram as diretrizes da GRI. Verific ou-se que as empresas pertencentes ao mesmo grupo de identidade tendem a realizar os mesm os tipos de ações socioambientais e que os projetos e ações em cultura e esporte e em s aúde são bem similares, no entanto o foco das ações de cada grupo é diferente para os demais indicadores.

  4. UTILIZAÇÃO DE MODELOS MICROECONÔMICOS PARA PREVISÃO DOS EFEITOS DA TEORIA DA AGÊNCIA NAS ORGANIZAÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tarciso Gouveia da Silva

    2008-01-01

    Full Text Available O modelo clássico da teoria da agência descreve que as empresas modernas ao possuírempropriedade dispersa em ações tem como problema principal o conflito entre administradores(agentes e acionistas (principais. A maior preocupação é que as decisões dos agentes nãovenham a maximizar o valor das ações dos principais. Apesar desse problema se aplicarprincipalmente a organizações americanas e inglesas por predominar nos demais países omodelo de um acionista majoritário que detém o controle da empresa e escolhe seusadministradores, com o efeito da globalização e a internacionalização de empresas, todos ospaíses estão sujeitos a esse problema. Diante disso, podemos utilizar as ferramentas daMicroeconomia para prevermos o comportamento de ambos nas tomadas de decisõesinerentes à organização.

  5. Encadeamentos da teoria de Vygotsky aos processos de aprendizagem e desenvolvimento da criança na educação infantil mediada pela construção do brinquedo

    OpenAIRE

    Reina, Fábio Tadeu [UNESP; Muzzeti, Luci Regina [UNESP

    2016-01-01

    O presente artigo tem como objetividade apontar alguns dos encadeamentos da teoria sócio histórica cultural de Vygotsky ao processo de aprendizagem e desenvolvimento da criança na Educação Infantil mediada pela construção dos brinquedos e das brincadeiras. Nesta direção, procura acercar os fundamentos desta teoria com o intuito de introjetar o leitor em sua obra na busca de reflexões e leituras sobre a temática aqui proposta. This article has the objectivity to point out some of the thread...

  6. Contribuições submersas da Teoria das Elites aos Estudos Culturais Contemporâneos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Adalberto Colferai

    2015-08-01

    Full Text Available O artigo explora as permanências do pensamento do sociólogo Vilfrido Pareto possíveis de ser apontadas no paradigma reconhecido como Estudos Culturais Contemporâneos, ECC. O argumento apresentado é de que nas formulações de António Gramsci para o conceito de Hegemonia são acionadas categorias propostas por Pareto na sua Teoria das Elites. Ainda que a ligação com os ECC não seja explícita, considera que parte dessas ideias se mantém entre pesquisadores e teóricos como Stuart Hall, Richard Johnson, Jesús Martín-Barbero e Néstor Garcia Canclini.

  7. Princípios epistemológicos da teoria do capital social na área da administração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Thiago Nunes Bezerra de Melo

    Full Text Available Este artigo tem o objetivo de apresentar uma classificação paradigmática das referências predominantes sobre a teoria do capital social na ciência da administração a partir da identificação dos princípios epistemológicos subjacentes. Os cientistas sociais têm oferecido uma variedade de definições de capital social, nas quais cada uma expressa uma particularidade significante. Subjacente a esse fato estão os princípios epistemológicos que têm sido utilizados para guiar os investigadores em suas pesquisas, que refletem uma visão de mundo que é anterior aos conceitos que estão tentando definir. Neste artigo, a análise epistemológica é guiada buscando identificar elementos do empirismo, do racionalismo, do utilitarismo, do positivismo, do funcionalismo, do sistemismo e da dialética. São analisadas as contribuições de Bourdieu, Coleman, Putnam, Fukuyama e Ghoshal sobre a teoria do capital social. As análises são apresentadas considerando a área de especialização dos autores, seja a sociologia, a ciência política ou a administração. De maneira geral, pode-se concluir que os princípios do sistemismo são predominantes nas concepções de capital social elaboradas pelos autores analisados. As abordagens de Coleman, Putnam, Fukuyama e Ghoshal podem ser classificadas como desenvolvidas em um paradigma funcionalista, enquanto a abordagem de Bourdieu pode ser posicionada em um paradigma crítico.

  8. Atitude empreendedora: validação de um instrumento de medida com base no modelo de resposta gradual da teoria da resposta ao item.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Cezar Bornia

    2013-10-01

    Full Text Available A escala instrumento de medida de atitude empreendedora (Imae, desenvolvida por Souza e Lopes Jr. (2005, contém duas dimensões: prospecção e inovação, e gestão e persistência. Com a finalidade de verificar a validade e o intervalo em que propicia a medida de atitude empreendedora, além de investigar sua capacidade de discriminar a resposta que o indivíduo está apto a dar, o objetivo deste artigo é validar a escala Imae por meio do modelo de resposta gradual da teoria da resposta ao item (TRI, que revolucionou a teoria de medidas. A TRI, construtos da psicologia utilizados em estudos de discriminação de respostas, em especial em grandes amostras de respondentes a um determinado fenômeno, é constituída de modelos matemáticos que relacionam um ou mais traços latentes (não observados de um indivíduo com a probabilidade de este dar uma determinada resposta a um item. O ponto crucial da TRI é que ela leva em consideração o item particularmente, sem relevar os escores totais, portanto as conclusões não dependem apenas do teste ou questionário, mas de cada elemento que o compõe. Os principais resultados encontrados foram a identificação de dois níveis da escala, denominados âncoras, que permitem interpretar tendências de pessoas com atitude empreendedora e a constatação de que os itens da escala Imae apresentam boa capacidade de discriminar a resposta que o indivíduo está apto a dar, o que confere qualidade aos itens e, portanto, à escala. A importância deste estudo reside no papel fundamental que a atitude desempenha nas escolhas que as pessoas fazem em relação à própria vida, de modo a ajudá-las a determinar seus próprios atos.

  9. Repensando a escolha racional e a teoria da agência: fazendeiros de gado e capatazes no século XIX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monsma Karl

    2000-01-01

    Full Text Available O artigo explora o valor e os limites da teoria da agência por meio da comparação das relações entre fazendeiros de gado e capatazes no Rio Grande do Sul e em Buenos Aires nas primeiras décadas do século XIX. Considera que a teoria da agência e a abordagem da escolha racional baseiam-se em uma teoria da ação deficiente, pressupondo atores pré-sociais, que usam uma racionalidade universal, embora possam ser úteis para identificar certos dilemas centrais na relação entre principal e agente e para delimitar o conjunto das soluções viáveis. Como os atores geralmente não tentam otimizar suas escolhas, mas buscam soluções satisfatórias para os problemas que encontram, somente a história e a cultura explicam a "escolha" de um dos arranjos viáveis e não de outro. O contexto e a experiência se internalizam no habitus e na consciência prática dos atores, que moldam a definição dos problemas e as estratégias para resolvê-los. Os fazendeiros estudados neste artigo abordavam questões semelhantes de agência de maneiras diferentes. Parte da divergência devia-se aos contextos, mas muito dela se relacionava aos habitus distintos, decorrentes da origem do portenho na classe dos grandes comerciantes coloniais, sem experiência rural, e da origem do gaúcho na elite dos militares fazendeiros, dependentes do Estado. Nos dois casos, a interação repetida através do tempo levou a mudanças importantes na relação entre fazendeiro e capataz, dificilmente explicáveis pela escolha racional.

  10. Meio ambiente e água sob a perspectiva da teoria das representações sociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislei Mocelin Polli

    Full Text Available A teoria das representações sociais tem papel fundamental na busca da compreensão do pensamento social sobre o meio ambiente e os recursos naturais, pois permite compreender como os seres humanos se relacionam com tais recursos. Este estudo teve por objetivo identificar a dimensão informacional das representações sociais da água e do meio ambiente, bem como a relação existente entre elas, e, para tanto, 150 participantes responderam a questões abertas sobre o que sabiam acerca dos dois objetos. O material textual das respostas foi submetido a uma classificação hierárquica descendente, com o emprego do programa informático ALCESTE. Esse procedimento permitiu identificar que a representação social do meio ambiente é composta por quatro classes que destacam os problemas ambientais, a necessidade de educação para o cuidado, a importância que ele assume para a vida e as suas características. A representação da água, também composta por quatro classes, considera-a importante para a vida, aborda a situação da água no Planeta, os cuidados de que necessita e também a sua utilização. Algumas relações puderam ser verificadas entre as duas representações. O conteúdo identificado nas classes não se limitou apenas à dimensão informacional das representações, mas extrapolou-a, de modo que ambas as representações sociais foram estudadas em seus aspectos globais.

  11. O modelo das crenças de saúde (health belief model e a teoria da autopoiesis / Health belief model and autopoesis theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clara Costa Oliveira

    2010-01-01

    Full Text Available Este artigo tem subjacente uma intenção epistemológica, no âmbito da Educação para a Saúde (EpS. Com ele, pretendemos exemplificar como os modelos de intervenção no âmbito da EpS devem estar sustentados em paradigmas/teorias que com eles se articulam, do ponto de vista epistemológico. Quando o modelo interventivo de EpS se sustenta numa teoria incompatível, do ponto de vista epistemológico, a possibilidade de êxito de intervenção em EpS diminui substancialmente. Tal é o que pretendemos demonstrar neste artigo, estudando a (impossível fundamentação epistemológica do modelo das Crenças da Saúde com a teoria da autopoiesis.Abstract This article is based on a epistemological intention, under the Education for Health (EHC. We intend to illustrate how the intervention models within the EHC should be sustained in paradigms / theories with which they are articulated, from the epistemological point of view. As the interventional model of EHC rests on a theory inconsistent, from the epistemological point of view, the possibility of successful intervention in EHC is substantially reduced. This is what we intend to demonstrate in this article, studying the (impossible epistemological foundation model of the Health Belief Model with the theory of autopoiesis.

  12. ENSINANDO GENÉTICA EVOLUTIVA E EVOLUÇÃO HUMANA SOB A ÓTICA DA TEORIA DA EVA MITOCONDRIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Gomes dos Santos

    2014-12-01

    Full Text Available Nas últimas décadas, temas polêmicos como transgenia, evolução da espécie humana, clonagem de embriões, mapeamento genético, Projeto Genoma, entre outros, passaram a fazer parte do cotidiano de um número cada vez maior de pessoas. Levando-se em consideração a velocidade de circulação das informações e a produção do conhecimento é inconcebível pensar em ensino de Biologia sem estabelecer conexões e contextualizações com os avanços científicos da atualidade. Este trabalho tem como objetivo demonstrar como o ensino de um conteúdo considerado polêmico e complexo - a Evolução da Espécie Humana, pode utilizar-se das descobertas e hipóteses científicas mais recentes, no caso, a Teoria da Eva Mitocondrial para a construção de uma aprendizagem verdadeiramente significativa sobre nossa ancestralidade e sobre os processos de dispersão das populações humanas na Terra.

  13. Minimalismo schumpeteriano, teoria econômica da democracia e escolha racional

    OpenAIRE

    Ricardo Borges Gama Neto

    2011-01-01

    A democracia é um dos temas mais discutidos na Ciência Política. Existe uma unanimidade em torno da legitimidade do regime democrático vis-à-vis seus opositores. Contudo, se a defesa da democracia é consensual, não há a mesma concordância sobre o que ela significa. O debate sobre o tema ressurge como conseqüência da crise da representação política nos países de democracia consolidada, da falência dosregimes autoritários nos países do Leste Europeu, Ásia e América Latina e das incertezas quant...

  14. O ensino da Psicologia Social: a opção preferencial pela concomitância teoria-prática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almir Del Prette

    1991-08-01

    Full Text Available Este texto apresenta uma proposta de concomitância teoria-prática para o ensino da Psicologia Social e analisa as decisões de um professor relativas à sua implementação, descrevendo-se resumidamente os objetivos, conteúdos e procedimentos da disciplina. A proposta baseia-se em reflexões sobre conceito de aprendizagem na disciplina, sobre a necessidade de selecionar um referencial teórico, dada a multiplicidade de enfoques na Psicologia Social e, principalmente, sobre o conceito de prática e a natureza de sua articulação com a teoria enquanto guia para a seleção dos procedimentos.

  15. As novidades da psicopatologia estão no século XIX? O retorno a William James e à sua "teoria das emoções"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Gutman

    2008-12-01

    Full Text Available O autor apresenta alguns dos principais elementos presentes na "Teoria das emoções" de William James. Entre eles, destacam-se os seguintes: 1 Inversão da ordem concebida pelo senso comum em relação à percepção subjetiva das emoções. 2 Investigação das fronteiras entre o que habitualmente se estabelece como os domínios do físico e do mental. 3 Introdução de modo preliminar das questões relacionadas a uma teoria da mente. 4 Sugestão de um novo modo de classificação para emoções, de acordo com o método pragmático.

  16. Inovação, Recursos e Comprometimento: Em Direção a uma Teoria Estratégica da Firma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Proença

    2003-01-01

    Full Text Available O artigo se insere no esforço, atualmente em curso, de articulação conceitual entre as teorias da concorrência e da inovação forjadas pela teoria econômica Evolucionária e a teoria da firma desenvolvida pela Visão Baseada em Recursos (VBR na área de gestão estratégica. Ele o faz em três planos: (i sublinhando a convergência e complementaridade entre as proposições centrais da teoria econômica Evolucionária e a da VBR; (ii trazendo à luz uma segunda convergência: da relação entre decisões empresariais sob incerteza e seu impacto econômico, associadas à perspectiva pós-keynesiana; (iii mostrando como os modelos de processos de formação e gestão de estratégias empresariais vêm oferecendo proposições úteis, coerentes e complementares com este mesmo quadro conceitual. A proposição fundamental do artigo é que a referida articulação aponta para uma teoria estratégica da firma centrada nas relações entre concorrência, inovação, competitividade, decisões sob incerteza, comprometimento e busca de liquidez.This article intends to contribute with the ongoing effort towards a conceptual articulation among the theories of competition and innovation developed under the research program of Evolutionary Economics, the Resource-Based View in Strategic Management and the Post-Keynesian perspective on commitments and decision-making under uncertainty. It makes three main points: (i it underlines the convergence and complementarities of the central propositions of Evolutionary Economics and the Resource-Based View; (ii it brings out the convergence between the economics of uncertainty developed by the post-Keynesian research program and the commitment-capabilities approach pioneered by Penrose, Ghemawat, Teece and Pisano; (iii it suggests that contemporary models of the strategy-making processes and strategic management are developing propositions that should be absorbed by this same conceptual framework. The article

  17. Geografia da religião e a teoria do espaço sagrado

    OpenAIRE

    PEREIRA, Clevisson Junior

    2014-01-01

    Resumo: A presente Tese tem como objetivo principal discutir e teorizar o conceito de espaço sagrado e seu uso nos estudos da dinâmica espacial de um amplo protestantismo batista. Para isso, o percurso escolhido passou por uma reconstituição histórica do campo disciplinar da Geografia da Religião; bem como evidenciou algumas das suas linhas gerais de pesquisa na atualidade e em especial no Brasil. A partir deste panorama, navegou-se no pensamento de alguns clássicos pesquisadores em geografia...

  18. Psicogênese da língua escrita, universais lingüísticos e teorias de alfabetização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio Gomes Senna

    2001-02-01

    Full Text Available

    O que há entre universais lingüísticos e a psicogênese da língua escrita? Neste artigo, levanto algumas questões polêmicas sobre um possível problema conceituai no uso da lingüística chomskyana numa teoria semiótica de alfabetização. Os universais de Chomsky - baseados no Dispositivo de Aquisição da Linguagem (LAD e numa mente modular - podem comprometer todo o projeto de abordagem psicogenética do desenvolvimento da língua escrita, uma vez que não existe nenhuma motivação filogenética, com base na qual se possa tratar da alfabetização de modo similar Tao empregado para explicar a aquisição da língua materna.

  19. Teoria da Ação Comunicativa (Habermas: estrutura, fundamentos e implicações do modelo = Theory of Communicative Action (Habermas: consensus, utopia, paradigm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gutierrez, Gustavo Luis

    2013-01-01

    Full Text Available Este artigo não pretende analisar o conjunto da obra de Habermas. Trata-se de pensar exclusivamente a Teoria da Ação Comunicativa (TAC, primeiro, em relação aos teóricos em que afirma fundamentar-se, depois, no sentido da sua própria articulação lógica interna e, finalmente, em relação ao seu objeto de pesquisa, a realidade social. Procura demonstrar que a TAC executa dois giros conceituais essenciais: (a um ao limitar o agir estratégico ao espaço da economia e da política e (b outro ao definir cultura, sociabilidade e subjetividade como dimensões constituídas no mundo da vida

  20. Uma aproximação entre liderança transformacional e teoria da ação comunicativa.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Vizeu

    2011-01-01

    Full Text Available Desde o trabalho seminal de Burns (1978 sobre liderança transformacional, muitos autores defendem que líderes são bem-sucedidos se não se comportam como gerentes. Longe de representar um argumento sem base teórica, defende-se que o modelo de liderança transformacional pode ser considerado a partir do ponto de vista de teorias sociais mais complexas como a Teoria da Ação Comunicativa, de Habermas. Essa é a proposta deste trabalho, que, considerando a dicotomia entre a ação estratégica e a ação comunicativa, observou os fundamentos ontológicos para a diferenciação entre gerentes e líderes transformacionais. Nesse sentido, reconhecemos que a Teoria da Ação Comunicativa provê análise crítica da liderança transformacional, pois permite uma melhor compreensão de alguns de seus elementos, ao mesmo tempo que questiona outros, provendo um entendimento menos ingênuo sobre o fenômeno da liderança, tal qual aquele apresentado pela visão gerencialista nos estudos da liderança. Uma dessas contribuições é a concepção da liderança transformacional como um fenômeno contextualizado pela liberdade do discurso, propiciando a ação comunicativa a partir de mecanismos organizacionais que são livres de constrangimentos à interação comunicativa, permitindo reciprocidade entre os agentes da liderança.

  1. Teoria da justiça de John Jawls: entre o liberalismo e o comunitarismo John Rawls theory of justice: between liberalism and comunitarism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Coitinho Silveira

    2007-01-01

    Full Text Available O objetivo do presente artigo é realizar uma análise da teoria da justiça como eqüidade de John Rawls em A Theory of Justice e no Political Liberalism, destacando seu modelo de complementaridade entre o deontológico e o procedimental com o teleológico e substancial, buscando responder algumas das críticas levantadas por autores comunitaristas à teoria rawlsiana de justiça e procurando apontar para suas semelhanças. Parto das críticas dos comunitaristas à teoria da justiça como eqüidade; posteriormente, analiso os aspectos teleológicos contidos em seu modelo deontológico; em seguida, destaco a intrínseca relação entre o procedimental e o substancial; por fim, apresento as respostas às críticas comunitaristas à Rawls, destacando a especificidade de sua concepção de justiça.The aim of his article is to characterize the John Rawls's theory of justice as fairness developed in A Theory of Justice (1971, Political Liberalism (1993, Replay to Habermas (1995 and Justice as Fairness: A Restatement (2001, with a view to identifying the convergent points between deontological conception with teleological characteristics and identify a substantive conception of justice, not purely procedural, which is universalist albeit not transcendental, making possible an approach between communitarian and liberal ethical theories.

  2. A teoria nietzscheana da tragédia The nietzschean theory of tragedy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Fernandes Weber

    2007-01-01

    Full Text Available Tendo como referência O Nascimento da Tragédia de Friedrich Wilhelm Nietzsche, busca-se explicitar a particularidade da concepção nietzscheana de tragédia a partir de um duplo movimento: 1 Reconstrução das principais teses dos primeiros parágrafos da obra; 2 Demonstração da vinculação daquelas teses à tradição estética alemã do final do século XVII e do início do século XIX. Com isso se realça e reedita o diálogo intenso de Nietzsche com aquela tradição e se mostra as inovações e a radicalidade da sua interpretação da tragédia.Having as a reference the work The Birth of Tragedy by Friedrich Wilhelm Nietzsche, it is our purpose to explicit the characteristics of Nietzsche's conception of tragedy based on a double movement: 1 Reconstruction of the first theses of the first paragraphs of the abovementioned work; 2 Demonstration of the link between those theses and the aesthetic German tradition of the end of the 18th century and beginning of the 19th century. It is thus enhanced and revised Nietzsche's intense dialogue with that tradition and it is shown the innovations and the radicality of his interpretation of tragedy.

  3. O enquadramento das Missões de Paz (PKO nas teorias da guerra e de polícia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domício Proença Júnior

    2002-12-01

    Full Text Available A clareza original do que sejam as operações de manutenção, ou Missões de Paz - PKO - já não existe, se é que algum dia ela de fato existiu. No decorrer desse artigo Busca-se enquadrar as PKO nas teorias de guerra e de polícia, com base no entendimento sobre força e violência, uso da força, guerra e paz. Ao final, há algumas observações sobre a utilidade desses enquadramentos.The original meaning of what are the Peacekeeping Operations - PKO - no longer exists, that is, if some day it really existed. This article tries to fit the PKO in the theories of war and police, based on the comprehension of strength and violence, the use of strength, war, and peace. In conclusion, there are some observations about the utility of those allocations.

  4. Construção constitucional e teorias da democracia Forms of constitution making and theories of democracy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrew Arato

    1997-01-01

    Full Text Available Com base numa tipologia de formas de construção constitucional e com ênfase nos processos de constitucionalização chega-se a um conjunto de princípios básicos para vincular a construção constitucional às exigências da democracia. A análise concentra-se simultaneamente na reconstrução de casos históricos e no exame crítico das teorias relevantes. Especial atenção é dada às reivindicações do modelo norte-americano como exemplar. Os processos em andamento de mudança constitucional na Europa do Leste também são discutidos.On the basis of a typology of forms of constitution making and with emphasis on the constitutionalization process a set of basic principles for linking constitution making with the demands of democracy is put forward. The analysis deals both with the reconstruction of historical cases and with the critical examination of relevant theories. Special attention is given to the claims concerning the exemplary character of the American model. The ongoing processes of constitutional change in Eastern Europe are also discussed.

  5. Análise do círculo de contágio da teoria da ação racional e sua adequação à enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Grasiela Teixeira Barroso

    2007-12-01

    Full Text Available A avaliação de teorias é papel de extrema relevância a ser desempenhado pelas enfermeiras com vistas a poderem tomar decisões respaldadas em estruturas teóricas consistentes e adequadas à realidade vivenciada. A partir de tal entendimento, decidiu-se analisar a Teoria da Ação Racional (TAR no referente ao círculo de contágio e sua aproximação e possível adequação para o estudo dos fenômenos no âmbito da enfermagem. Trata-se de um estudo de análise interpretativa da TAR para o qual se utilizou o modelo de avaliação de teorias proposto por Meleis, enfocando especificamente o círculo de contágio. Procedeu-se à busca de periódicos indexados no LILACS, observando-se as áreas do conhecimento em que os estudos foram desenvolvidos e os enfoques abordados. Os resultados evidenciaram onze estudos nas áreas de psicologia, nutrição e enfermagem, em que a teoria foi usada para pesquisas científicas predominantemente no campo da saúde, como possível instrumento para identificação de fatores que funcionem como determinantes positivos ou negativos de influência na realização de um determinado comportamento. A teoria mostra-se pertinente para tratar fenômenos nos diversos campos de atuação da enfermagem, pois enfoca o comportamento humano, presente em todos os locais onde se pretenda investigar e atuar.

  6. Análise da estratégia pela perspectiva das teorias institucional e da estruturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marystela Assis Baratter Sanches

    2013-12-01

    Full Text Available O presente ensaio tem por objetivo analisar, a partir da perspectiva das teorias institucional e da estruturação, três escolas de estratégia definidas no livro “Safári de Estratégia”, de Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2000, e propor uma alternativa para investigar o constructo estratégia. O critério utilizado para selecionar três entre as dez escolas tratadas na obra levou em conta aspectos que se alinham com o institucionalismo organizacional. A primeira escola analisada foi a empreendedora que está centrada no ator social, uma vez que a ele é admitida a possibilidade de afetar a estrutura. Em seguida, analisou-se a de posicionamento, que considera estratégias genéricas para serem implementadas pelas organizações. E, finalmente, para visualizar a dimensão intersubjetiva, a escola analisada foi a cognitiva, que aborda processos mentais coletivizados para configurar a ação estratégica. A partir da delimitação deste quadro teórico, o artigo apresenta um novo modelo para explicar a formação da estratégia pela perspectiva institucional e estrutural de análise, sendo este o principal resultado do trabalho. O desafio é realizar estudos empíricos que descrevam esse processo a partir de estudos de caso que procurem explicar a estruturação da estratégia como prática social no nível micro de análise.

  7. Multifuncionalidade rural: da teoria eficiente à prática ausente

    OpenAIRE

    Massaretto Verges, Nivea

    2013-01-01

    O trabalho apresenta algumas questões relacionadas à multifuncionalidade rural, conceito elaborado na Europa e que vem ganhando amplos debates em todo o mundo, inclusive no Brasil, entretanto, trata-se de um conceito que não está se efetivando na realidade. Num primeiro momento, destacaremos o surgimento e objetivos do conceito de multifuncionalidade rural na União Europeia. Em seguida faremos a exposição da aplicação deste conceito na realidade, ou seja, questionaremos sobre a efetivação da ...

  8. Aplicação da teoria do construtivismo no ensino de fertilidade do solo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. I. Prochnow

    1998-09-01

    Full Text Available O processo de ensino-aprendizagem deve ser dinâmico, com atualização constante do conteúdo programático da disciplina, procurando adaptá-la às expectativas dos alunos. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é apresentar a abordagem que vem sendo utilizada em duas das aulas práticas da disciplina de Fertilidade do Solo, ministrada nos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal da ESALQ/USP. Usou-se o método do estudo em grupo, para discutir os resultados de um experimento, desenvolvido em condições controladas, para avaliar a produção de matéria seca da parte aérea de plantas de milho cultivadas por trinta e cinco dias em amostras da camada de 0 a 20 cm de quinze solos da região de Piracicaba, SP. Como base nas discussões, elaborou-se um questionário, o qual é respondido por cada grupo de alunos na primeira aula. Na segunda aula, a discussão é retomada e aberta a todos os grupos. Durante a discussão das perguntas, o professor limita-se a observar o comportamento dos alunos, a redirecionar o raciocínio de alguns e, ocasionalmente, a fornecer informações gerais. Ao final das aulas, os conceitos são adquiridos de forma indireta. A maioria dos alunos aprova o método por sentir-se agente ativo dentro do processo de obtenção do conhecimento. A abordagem construtivista no ensino da Fertilidade do Solo por meio do estudo dirigido proposto tem sido utilizada, com sucesso, nos últimos três anos. Sugere-se a aplicação desta abordagem para outros temas da área de Fertilidade do Solo e mesmo para outras disciplinas dos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal.

  9. Muito além de fractais, caleidoscópios ou conjuntos de Mandelbrot as teorias da informação e da comunicação

    OpenAIRE

    Rosane da Conceição Pereira

    2011-01-01

    Este artigo constitui uma abordagem crítica sobre algumas contribuições epistemológicas de saberes diversos, em relação às teorias da informação e comunicação contemporâneas. Pretende abrir discussões e ressaltar o problema da constituição do complexo objeto informação e comunicaç&atild...

  10. TECNOLOGIA NO SETOR AGRÍCOLA BRASILEIRO: UM OLHAR SOB A ÓTICA DA TEORIA EVOLUCIONÁRIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Souza Freitas

    2013-06-01

    Full Text Available Um dos fatores de produção considerado primordial para garantir a competitividade do setor agrícola é a tecnologia. Busca-se, neste artigo, verificar se a tecnologia utilizada no setor agrícola brasileiro é compatível com a adotada no resto do mundo. Analisarse-á também a política tecnológica existente no Brasil de forma a tentar verificar como o governo está incentivando a produção científica e tecnológica. Trata-se de um estudo qualitativo, que utiliza-se do referencial teórico da teoria evolucionária (considerando rotinas, o caráter path dependence, o acesso às políticas públicas e o aprendizado para entender e explicar a realidade. Os resultados evidenciam que a situação dos produtores rurais com relação à adoção de tecnologias é bastante diversa entre os grandes e os pequenos produtores, o que altera as rotinas, o caráter path dependence, o acesso às políticas públicas e o aprendizado existente nas grandes e pequenas propriedades rurais. No entanto, graças às empresas multinacionais, o nível tecnológico utilizado pelo setor agrícola brasileiro é compatível com aquele utilizado pelo resto do mundo e a disseminação do nível tecnológico depende sobremaneira da política tecnológica e do acesso dos produtores rurais às políticas públicas.

  11. Equívoco na recepção acadêmica da teoria de Emília Ferreiro

    OpenAIRE

    Gonçalves, Júnia Alba

    2008-01-01

    Este estudo procurou focar a recepção acadêmica que a teoria psicogenética do desenvolvimento e da aprendizagem do sistema de escrita teve entre os professores nas escolas da rede municipal de Uberlândia. Emília Ferreiro, assim como Jean Piaget e Lev Vigotski serviram de base de referência teórica nesse trabalho. O método de pesquisa foi quantitativo/interpretativista e os instrumentos utilizados na pesquisa foram: questionário e entrevistas orais. A análise dos dados mostra qu...

  12. Dinâmica organizacional, teoria dos recursos da firma e inovação: um estudo de caso dos processos de aprendizagem em uma empresa inovadora

    OpenAIRE

    Luciane de Campo Moda

    2006-01-01

    Autores como BARNEY (1991, 2001), HAMEL e PRAHALAD (1995) colocam que os Recursos da Firma podem ser importantes fontes de vantagem competitiva. Apesar dessas fontes estarem representadas por diferentes recursos (uma estratégia, um produto, um diferencial competitivo), diversos estudos colocam que a capacidade da Firma em promover a aprendizagem organizacional mostra-se fundamental para a obtenção de inovação e conseqüentemente vantagem competitiva sustentável. As teorias mostram que as...

  13. Teoria da mente: uma revisão com enfoque na sua incorporação pela psicologia médica

    OpenAIRE

    Caixeta Leonardo; Nitrini Ricardo

    2002-01-01

    Um constructo nascido da psicologia cognitiva e que se refere à capacidade de atribuir estados mentais para si mesmo e para os outros, denominado Teoria da Mente, tem sido exportado para outros campos do saber e tem sido mais recentemente incorporado pela psicologia médica com a pretensão de explicar determinadas alterações de comportamento que constituem o cerne de distúrbios como o Autismo Infantil, Esquizofrenia e Psicoses afins. Esta incorporação trouxe a necessidade de desenhar metodolog...

  14. Ontologia deflacionária e ética objetiva: em busca dos pressupostos ontológicos da teoria do reconhecimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luft, Eduardo

    2010-01-01

    Full Text Available O presente estudo tem por objetivo contribuir para o projeto de reatualização da Filosofia do Direito hegeliana inaugurado por Axel Honneth, mas de um modo indireto: meu interesse aqui não é investigar tópicos específicos da Filosofia do Direito, nem mesmo examinar a teoria do reconhecimento como proposta por Honneth, mas iniciar uma caminhada no sentido de tornar explícitos os pressupostos ontológicos carregados por tal projeto de reatualização.

  15. Ontologia deflacionária e ética objetiva: em busca dos pressupostos ontológicos da teoria do reconhecimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luft, Eduardo

    2010-01-01

    Full Text Available O presente estudo tem por objetivo contribuir para o projeto de reatualização da Filosofia do Direito hegeliana inaugurado por Axel Honneth, mas de um modo indireto: meu interesse aqui não é investigar tópicos específicos da Filosofia do Direito, nem mesmo examinar a teoria do reconhecimento como proposta por Honneth, mas iniciar uma caminhada no sentido de tornar explícitos os pressupostos ontológicos carregados por tal projeto de reatualização

  16. Teoria social, extroversão e autonomia: impasses e horizontes da sociologia (semi)periférica contemporânea

    OpenAIRE

    Breno Bringel; José Maurício Domingues

    2015-01-01

    Este artigo analisa a produção de teoria social na periferia em diferentes eras geopolíticas e fases da modernidade, com ênfase especial para a sociologia semi(periférica) contemporânea. Argumenta-se que a agenda de pesquisa atual gira ao redor de um movimento intelectual de crítica destituinte do eurocentrismo e da modernidade, sem conseguir, no entanto, criar formulações teórico-metodológicas sistemáticas, como ocorreu a meados do século XX. Busca-se, portanto, avançar nas bases para a cons...

  17. Diferentes teorias marxistas de crise e diferentes interpretações da crise atual Different Marxist theories of crises and different interpretations of the current crisis

    OpenAIRE

    Francisco Paulo Cipolla

    2012-01-01

    Este artigo apresenta criticamente diferentes interpretações da crise atual. Orientaram a seleção das várias contribuições a representatividade das teorias marxistas clássicas de crise e a importância das novas abordagens correspondentes aos novos fenômenos em desenvolvimento no capitalismo atual. O exame crítico dessas contribuições revela uma linha divisória entre aqueles que concebem a crise como tendo sido causada pelo afluxo dos lucros da produção para as finanças (Husson e Foster /Magdo...

  18. VIRTUALIDADE OU DESMATERIALIZAÇÃO DOS TÍTULOS DE CRÉDITO NA SOCIEDADE EM REDE E ERA DA INFORMAÇÃO - TEORIA DA “CÁRTULA” ELETRÔNICA, MAGNÉTICA OU DIGITAL

    OpenAIRE

    Nunes, Cláudia Ribeiro Pereira

    2013-01-01

    O Direito Empresarial precisa solucionar os conflitos provenientes dos negócios empresariais na Sociedade em Rede e Era da Informação. Este trabalho tem por objetivo geral tratar da performance dos títulos de crédito virtuais ou desmaterializados, utilizados na prática negocial brasileira, apresentando as bases epistemológicas da teoria da “cártula” eletrônica na sociedade de rede. A hipótese investigada  é o vertiginoso incremento desses títulos, obrigando mudanças e ajustes para que o direi...

  19. VIRTUALIDADE OU DESMATERIALIZAÇÃO DOS TÍTULOS DE CRÉDITO NA SOCIEDADE EM REDE E ERA DA INFORMAÇÃO - TEORIA DA “CÁRTULA” ELETRÔNICA, MAGNÉTICA OU DIGITAL

    OpenAIRE

    Nunes, Cláudia Ribeiro Pereira

    2013-01-01

    O Direito Empresarial precisa solucionar os conflitos provenientes dos negócios empresariais na Sociedade em Rede e Era da Informação. Este trabalho tem por objetivo geral tratar da performance dos títulos de crédito virtuais ou desmaterializados, utilizados na prática negocial brasileira, apresentando as bases epistemológicas da teoria da “cártula” eletrônica na sociedade de rede. A hipótese investigada  é o vertiginoso incremento desses títulos, obrigando mudanças e ajustes para que o direi...

  20. Negócio da Borracha: Uma Abordagem da Economia Gomífera Amazônica Através da Teoria do Desenvolvimento Econômico de Schumpeter

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Martins de Lima

    2011-06-01

    Full Text Available Na virada do século XIX para o XX a borracha se tornou matéria-prima indispensável para as economias industrializadas. O inegável monopólio da produção do látex na Amazônia era um constante foco de disputas internacionais, e sua importância crescente fez com que o seu controle evoluísse de uma questão comercial para um status de fator econômico vital no desenvolvimento de políticas nacionais em nações como Estados Unidos e Inglaterra. Ao abordar o ciclo da borracha na Amazônia através da perspectiva das Teorias Econômicas, mais especificamente a Teoria do Desenvolvimento Econômico elaborada por Joseph Alois Schumpeter, observa-se que tradição do modelo econômico da região em nenhum momento deu espaço para as atividades empreendedoras prescritas pelo modelo schumpeteriano, e o monopólio amazônico não se constituiu em barreira de mercado que garantisse a manutenção do mesmo. Por outro lado, o modelo de desenvolvimento econômico de Schumpeter é mais claramente observado no mercado externo através dos ciclos econômicos de curta duração.

  1. Teoria crítica da sociedade e educação natural em Rousseau

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maurício Rebelo Martins

    2013-07-01

    Full Text Available O desejo humano de reconhecimento é constitutivo do que Rousseau chama de amor próprio.  O amor próprio possui uma dupla dimensão: uma de caráter destrutivo e uma de caráter construtivo. O presente artigo tem o objetivo de analisar brevemente no que consiste essa dupla dimensão do amor próprio e em que medida o projeto de educação natural apresentado no Emilio pode dar conta da educabilidade desse sentimento. Na primeira parte do texto, procuramos reconstruir o que Rousseau entende por amor próprio e como ele é constituído pelo desejo de reconhecimento e, na segunda parte, procuramos, mesmo que brevemente, tratar da possibilidade de educabilidade do amor próprio.

  2. A teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas: conceitos básicos e possibilidades de aplicação à administração escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Marcelino de Rezende Pinto

    1995-08-01

    Full Text Available Neste trabalho buscaremos apresentar uma síntese dos principais conceitos da teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas assim como deduzir algumas de suas implicações para o estudo das organizações. Em particular, buscaremos mostrar que esta teoria se constitui em poderoso instrumento analítico no estudo da estrutura e funcionamento dos conselhos com participação popular que são uma marca característica das sociedades capitalistas contemporâneas. Este estudo tem por base a tese de doutorado Administração e Liberdade: Um estudo do Conselho de Escola à luz da teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas (Pinto, 1994.

  3. Etnografia renovável: seixos etnográficos e labirintos no caminho da teoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael M. J. Fischer

    2009-12-01

    Full Text Available Nos anos 1990 a antropologia engajou-se ativamente em estudos da ciência, assim como nos anos 1980 havia se vinculado ao feminismo, aos media studies, aos estudos culturais e pós-coloniais. Hoje, cada vez mais as linguagens culturais e o entendimento dos mundos contemporâneos evocam as novas ciências da vida e da informação. A abertura das análises culturais etnográficas aos momentos históricos nos quais são postas a funcionar faz com que sejam capazes de criar, como nos sistemas experimentais na ciência, novos objetos epistêmicos. Neste artigo são revisadas seis teses e cinco abordagens relativas à pedagogia para orientar as pesquisas de campo de candidatos ao doutorado.Anthropology in the 1990s has actively engaged with science studies, as in the 1980s it engaged with feminism, media studies, cultural studies, and postcolonial studies. Cultural vocabularies and social understandings of today's worlds increasingly draw from the new life sciences and information sciences. The openness of ethnographically-empirically grounded cultural analyses to the historical moments in which they are put to work makes them capable, like experimental systems in science, of creating new epistemic things. Six dissertations and five approaches to pedagogy for first (dissertation fieldwork are reviewed.

  4. Da teoria do conhecimento à metodologia científica: dilemas contemporâneos da pesquisa social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Wilson Savino Carvalho

    2010-07-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Tabela normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin:0cm; mso-para-margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:10.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-ansi-language:#0400; mso-fareast-language:#0400; mso-bidi-language:#0400;} A natureza do presente trabalho é basicamente filosófica e pretende discutir a problemática da metodologia a partir da importância atribuída à ciência no mundo contemporâneo, para daí problematizar a tendência, hoje dominante, de conceber a metodologia na perspectiva da superespecialização, como mera aplicação de tecnologia científica, reduzindo-a a seus aspectos puramente técnicos. Busca-se, aqui, contrapor a essa tendência uma outra, que visualiza a metodologia em uma vertente filosófica e outra científica, indicando a hermenêuticadialética como caminho privilegiado para a pesquisa social.

  5. Pequena crónica sobre notas de rodapé na Educação Musical - reflexões a propósito da teoria da aprendizagem musical

    OpenAIRE

    Helena Rodrigues

    1998-01-01

    Os trabalhos e ideias de Edwin Gordon, investigador americano a quem se devem alguns dos maiores contributos no âmbito da Psicologia da Música e da Pedagogia Musical da actualidade, têm suscitado um enorme interesse no panorama da Educação Musical portuguesa. As suas investigações no âmbito da avaliação da aptidão e do desempenho musical, a sua teoria da aprendizagem musical, e muito especialmente o que propõe como orientações musicais para recém-nascidos e crianças em idade pré-escolar têm t...

  6. Pequena crónica sobre notas de rodapé na Educação Musical - reflexões a propósito da teoria da aprendizagem musical

    OpenAIRE

    Helena Rodrigues

    1998-01-01

    Os trabalhos e ideias de Edwin Gordon, investigador americano a quem se devem alguns dos maiores contributos no âmbito da Psicologia da Música e da Pedagogia Musical da actualidade, têm suscitado um enorme interesse no panorama da Educação Musical portuguesa. As suas investigações no âmbito da avaliação da aptidão e do desempenho musical, a sua teoria da aprendizagem musical, e muito especialmente o que propõe como orientações musicais para recém-nascidos e crianças em idade pré-escolar têm t...

  7. Teorias da criação literária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Antonio de Figueiredo

    1990-08-01

    Full Text Available The essay deals with theoretical concepts in Plato, Edgar Allan Poe, Gustave Flaubert e Jorge Luis Borges, and discusses the ways in which the classical thought and modernity understand the literary creation. O ensaio aborda concepções teóricas em Platão, Edgar Allan Poe, Gustave Flaubert e Jorge Luis Borges, e discute os modos como o pensamento clássico e a modernidade entendem a criação da obra literária.

  8. BIODIESEL E AGRICULTURA FAMILIAR NO TOCANTINS: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DOS CONJUNTOS FUZZY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vinícius Souza Ribeiro

    2015-12-01

    Full Text Available A produção de biocombustíveis tem sido fortemente discutida no Brasil, levando o País a desenvolver políticas e implantar, em 2004, o Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB, com o objetivo de introduzir um biocombustível adequado às condições edafoclimáticas do País, e que tivesse como princípio a inclusão social da agricultura familiar e o desenvolvimento regional. Nesse contexto, o objetivo deste estudo é avaliar a eficácia do PNPB quanto à sua meta de inclusão dos agricultores familiares mais pobres na cadeia produtiva do biodiesel tocantinense, bem como estimar se a produção de soja para fins bioenergéticos gera aos agricultores familiares renda superior aos rendimentos provenientes dos outros plantios tradicionais do segmento no Brasil, assim como determinar e avaliar os impactos ambientais sobre a segurança alimentar, provenientes do cultivo da soja. Para a elaboração do presente estudo, foram utilizados dados primários, obtidos mediante a aplicação de questionários às 30 famílias produtoras de soja, e às 32 famílias não produtoras da oleaginosa, localizadas em 9 cidades do Centro do Tocantins; uma gama de indicadores socioeconômicos foi coletada entre os agricultores. A teoria dos conjuntos fuzzy, baseada na condição de vida dos agricultores, e um modelo não linear probit foram utilizados para avaliar a inclusão de famílias rurais pobres na cadeia do biodiesel. Os resultados preliminares mostram uma relação negativa entre o nível de privação das famílias e a adoção do cultivo de soja.

  9. Heideggerianismo de esquerda ou marxismo fenomenológico?Reconsiderando a teoria crítica da tecnologia de Herbert Marcuse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    John Abromeit

    Full Text Available Diferentemente de interpretações recentes sobre a teoria marcuseana da tecnologia, elogiosas ou críticas, que identificam nela uma forte e contínua influência de Heidegger, pretendo mostrar, no presente artigo, que Marcuse toma de empréstimo elementos importantes da fenomenologia de Heidegger e, mais ainda, de Husserl, mas que essses elementos são apropriados dentro de uma abordagem teórica geral marxista. Dessa maneira, enfatizam-se os fatores sociais e históricos como os determinantes últimos da tecnologia e da racionalidade tecnológica. Com isso, o presente artigo procura esclarecer a relação entre o marxismo e a fenomenologia na obra tardia de Marcuse.

  10. RAZOABILIDADE E TEORIA DA RESERVA DO POSSÍVEL COMO FUNDAMENTOS PARA O CONTROLE JURISDICIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS: UMA ANÁLISE A PARTIR DA TEORIA DO DISCURSO -- REASONABLENESS AND RESOURCE LIMITATION THEORY AS FOUNDATION FOR JUDICIAL REVIEW OF PUBLIC POLICIES: AN ANALYSIS FROM THE DISCOURSE THEORY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônia Clarissa Hennig Leal

    2016-08-01

    Full Text Available No presente trabalho abordou-se a importância da teoria do discurso para a construção de decisões judiciais que, ao encontrar os espaços semânticos que possibilitam a discussão por meio da argumentação jurídica, não implica a mera tarefa de subsunção. Assim, nesses casos, cabe ao julgador não somente a tarefa de decidir, mas de fundamentar sua decisão, sempre prezando por um procedimento e uma argumentação racional. Dessa forma, diante do caso específico da razoabilidade, originalmente associada à teoria alemã da reserva do possível, com o presente artigo visou-se a uma abordagem voltada à construção dessa decisão, desde o procedimento do discurso jurídico até a aplicação da ponderação para a solução do caso concreto, no desempenho da tarefa judicial de assegurar os direitos fundamentais. Buscou-se, assim, quais critérios devem (ou deveriam ser utilizados na fundamentação da decisão judicial quando da aplicação, em especial, do mencionado critério da razoabilidade. Para o desenvolvimento do estudo, adotou-se o método de abordagem dedutivo. Além disso, como método de procedimento se aplicou o monográfico. Por fim, os resultados apresentados evidenciam que a argumentação jurídica e o procedimento da ponderação, quando devidamente demonstrados pela decisão, são capazes de afastar as críticas de subjetividade e a sensação de insegurança jurídica nos casos de espaços semânticos ou textura aberta das normas, bem como se concluiu que o critério de razoabilidade é tão significativo como o critério orçamentário da teoria da reserva do possível. Palavras-chave: Razoabilidade. Reserva do possível. Ponderação. Teoria do discurso e da argumentação jurídica. Controle jurisdicional de políticas públicas.

  11. Estimativa dos coeficientes de afetação dos custos às atividades agrícolas usando a teoria da máxima entropia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Socorro Rosário

    2014-12-01

    Full Text Available Neste artigo, pretende-se estimar os coeficientes de afetação dos custos às atividades agrícolas, a partir de informação incompleta. Um modelo de desagregação dos custos de fatores de produção variáveis por atividade foi desenvolvido com base na teoria da máxima entropia e foi aplicado à região alentejo, usando os dados da base RICA de 2008. Os resultados obtidos mostram que a teoria da entropia é uma opção flexível e robusta para realizar a estimação de coeficientes de afetação dos custos das atividades num contexto de informação incompleta. Entre as duas variantes utilizadas, o modelo da entropia cruzada generalizada revelou maior capacidade de previsão, uma vez que os coeficientes estimados são mais próximos dos valores reais.

  12. Acumulação e rentismo: resgatando a teoria da renda de Marx para pensar o capitalismo contemporâneo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LEDA MARIA PAULANI

    2016-09-01

    Full Text Available RESUMO: Se investigarmos a literatura crítica de extração marxista dos últimos anos, perceberemos a recorrência de alguns temas que são indicativos da forma contemporânea de operar do sistema capitalista (mercadoria conhecimento, valor agregado pela marca, financeirização. Apesar de aparentemente desconexos, os fenômenos aí envolvidos podem ser conectados teoricamente com o auxílio da teoria da renda de Marx, que aparece desenvolvida na seção VI do livro III de O Capital, e também nas Teorias da Mais-Valia. O objetivo do presente artigo é resgatar as observações existentes nesses trabalhos de Marx para pensar a interconexão entre os fenômenos contemporâneos acima referidos e a natureza do processo atual de acumulação de capital. Procurar-se-á mostrar que o rentismo é hoje um dos traços mais marcantes desse processo.

  13. A teoria da representação na Alemanha de Weimar: Schmitt, Kelsen e Leibholz

    OpenAIRE

    Magalhães, Pedro Miguel Tereso de

    2011-01-01

    Dissertação de Mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais, variante de Ciência Política Tendo em conta que o conceito de representação não figura entre os principais objectos de reflexão do pensamento político contemporâneo, a presente dissertação recupera um dos momentos históricos em que a discussão em seu redor foi mais intensa: a malograda experiência republicana da Alemanha de Weimar (1918-1933). De entre a vasta bibliografia que então surgiu sobre a questão...

  14. Fundamentos epistemológicos da teoria modular da mente de Jerry A. Fodor Epistemological fundaments of Jerry A. Fodor's modular theory of mind

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kleber Bez Birolo Candiotto

    2008-01-01

    Full Text Available Este artigo é uma apresentação dos fundamentos da teoria modular desenvolvida por Jerry A. Fodor e uma reflexão sobre seus principais desafios. A noção de modularidade da mente de Fodor, por um lado, procura superar as insuficiências metodológicas e epistemológicas do associacionismo e do localizacionismo a respeito das explicações da estrutura e do funcionamento mental; por outro lado, é uma oposição à postura culturalista de Vygotsky, para o qual as funções superiores da mente, como a cognição, são produtos artificiais, culturais. A psicologia cognitiva de Chomsky converteu esse produto "artificial" em "natural", postulando a existência de módulos inatos para desempenhar funções cognitivas específicos. Com base nessa ideia de Chomsky, Fodor procura explicar a mente como um conjunto de módulos. No entanto, sua principal contribuição para as ciências cognitivas é a apresentação da arquitetura mental em dois níveis e a afirmação da existência de módulos centrais responsáveis pelas atividades cognitivas superiores, como criatividade, reflexão ou imaginação.The aim of this paper is to present the basic elements regarding the modular theory developed by Jerry A. Fodor and some considerations about its main challenges. Fodor's notion of mind modularity, on the one hand, aims at overcoming the methodological and epistemological gaps of associationism and localizationism concerning the explanations of the structure and functioning of the mind; on the other hand, Fodor's notion stands as an opposition to Vygotsky's culturalist posture, since for the latter the higher functions of the mind, such as cognition, are artificial and cultural products. Chomsky's cognitive psychology has converted this "artificial" product into a "natural" one, postulating the existence of innate modules to perform specific cognitive functions. Based on Chomsky's idea, Fodor describes the mind as a group of modules. However, his main

  15. Teorias da lei natural: Pufendorf e Rousseau Natural law theories: Pufendorf and Rousseau

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Netto de Andrade e Silva Sahd

    2007-01-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo reconstruir argumentos centrais desenvolvidos por Jean-Jacques Rousseau. Contra Samuel Pufendorf, Rousseau defende que a justiça não é natural. Ele recusa todo compromisso com a lei natural tradicional para voltar à posição de Thomas Hobbes. Ora, no estado originário de natureza, os princípios racionais da lei natural que expõe Pufendorf não podem ser conhecidos, e, por conseguinte, quando puderem ser conhecidos, não serão aplicados por natureza.The present article aims at reconstructing Jean-Jacques Rousseau’s central arguments. Against Samuel Pufendorf, Rousseau maintains that justice is not natural, thereby rejecting the compromise with traditional natural law and wholly returning to the position of Thomas Hobbes. Now, in the original state of nature, Pufendorf’s rational principles of natural law cannot be known; later, when they may be known, they are not by nature enforced.

  16. Análise do conto "Um espinho de marfim" sob a perpesctiva da teoria greimasiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria do Carmo Almeida Correa

    1990-10-01

    Full Text Available A narrativa que escolhemos para nossa análise encontra-se no livro de Marina Colasanti Uma idéia toda azul (2, rotulado como “O Melhor para o.Jovem” pela FNLIJ e premiado na categoria “Literatura Infantil” pela Associação Paulista de Críticos de Artes, em 1979. Se a premiação se deve à qualidade literária inegável do texto, é difícil entender, por outro lado, a rotulação. Como veremos, o conto analisado, ''Um espinho de marfim" (ver anexo, por sua ambigüidade, permite leitura em vários planos; o conhecimento da simbologia utilizada pela autora apontou-nos um caminho. A profundidade de leitura que esse modelo nos permite não descarta, é claro, a possibilidade de sua fruição pela criança e pelo jovem; apenas nos alerta para o risco de se afastar “comercialmente” certas obras do público adulto, que poderia delas desfrutar de maneira mais plena.

  17. Il posto del silenzio nella teoria sociale: da forma relazionale a strumento di esclusione

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Donatella Pacelli

    2014-11-01

    Full Text Available Le molteplici applicazioni del progetto moderno hanno offerto elementi per analizzare non solo i cambiamenti strutturali che hanno investito le grandi configurazioni sociali ma anche le modifiche intervenute nella vita interoggettiva e nelle forme di relazione, rappresentazione e partecipazione. Tra queste alterazioni si inserisce la mancata sinergia tra silenzio e parola che finiscono per escludersi a vicenda, provocando un impoverimento della vera comunicazione e delle possibilità di comprensione fra le persone. Altrettanto può dirsi in merito alla confusione creatasi tra l'immagine e la cultura dell'immagine, alimentata da logiche di spettacolarizzazione che irrompono fra parole vuote e silenzi escludenti. Ripercorrendo alcuni contributi della sociologia classica e contemporanea, la riflessione che si propone intende recuperare la complessità della relazione comunicativa, quale dinamica sostenuta dalla doppia istanza di apertura e di chiusura verso l'alterità, in un susseguirsi di parole e silenzi che creano vicinanze e distanze. La difficoltà di interpretare anche i silenzi più eloquenti attraversa lì esperienza relazionale, ma oggi risente anche della complicità creatasi tra vecchi e nuovi media nel valorizzare insieme una cultura delle immagini tesa ad escludere ciò che “non fa rumore”.

  18. Elettrodinamica classica teoria e applicazioni

    CERN Document Server

    Lechner, Kurt

    2014-01-01

    Il libro è un testo di Elettrodinamica classica avanzata e comprende anche le basi della Teoria dei campi classici. Come tale è rivolto a qualsiasi studente o ricercatore di Fisica Teorica. Una caratteristica fondamentale del testo è rappresentata da una derivazione rigorosa dei fenomeni ettromagnetici dalle fondamenta teorico-matematiche della teoria, che mette bene in evidenze le inconsistenze e i limiti interni della teoria. Il testo contiene anche un certo numero di argomenti recenti o speculativi che nei libri di testo vengono affrontati solo superficialmente.

  19. A teoria dos jogos como metodologia de investigação científica para a cooperação na perspectiva da psicologia evolucionista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alencar, Anuska Irene

    2008-01-01

    Full Text Available A teoria dos jogos é uma abordagem matemática que estuda formalmente o conflito e a cooperação entre indivíduos. Trata-se de uma teoria científica suficientemente coerente para a construção de conhecimentos nas mais diversas áreas como Economia, Política, Biologia, Psicologia e Sociologia, pois possibilita a investigação de conflitos de interesses presentes na tomada de decisão entre cooperar e não. Apresentamos, neste artigo, sua aplicação para o estudo da cooperação descrevendo os jogos na sua aplicação em estudos evolucionistas. Concluímos que essa metodologia pode auxiliar os pesquisadores na compreensão dos mecanismos que nos levam a cooperar ou trapacear em nossas interações sociais. Trata-se de uma descrição teórica do que vem a ser a teoria dos jogos e exemplos de aplicação

  20. A produção científica da enfermagem e a utilização da teoria de Madeleine Leininger: revisão integrativa 1985 - 2011

    OpenAIRE

    2011-01-01

    Trata-se de revisão integrativa cujo objetivo foi refletir sobre a utilização da teoria da diversidade e universalidade do cuidado cultural de Madeleine Leininger na produção científica brasileira de enfermagem. Foram consultadas as bases de dados: Base de Dados de Enfermagem, Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde e Scientific Electronic Library Online no período amostral de janeiro de 1985 a janeiro de 2011. Foram selecionados 62 artigos dos quais emergiram quatro grup...

  1. Impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria: um estudo à luz da teoria da estruturação em uma empresa têxtil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilse Maria Beuren

    2012-12-01

    Full Text Available Estudos relativos às atividades da Controladoria que se inter-relacionam com outras ciências, como Psicologia e Sociologia, favorecem conhecimentos mais holísticos sobre essa área organizacional. Assim, neste estudo objetiva-se verificar os impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria à luz da Teoria da Estruturação. O pressuposto é que o processo de implantação das normas internacionais vem contribuir para a produção e a reprodução da ordem social da área organizacional controladoria. A Teoria da Estruturação de Giddens (1979; 1996; 2003 sustenta esta pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa, realizada por meio de um estudo de caso em uma indústria têxtil. Nela, analisaram-se impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria, no período de 2008 a 2010, que abrange a fase de implantação dos CPCs na empresa, emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC. A coleta de dados deu-se por meio de observação, análise documental, entrevistas individuais e grupo focal. A análise das entrevistas individuais e do grupo focal foi realizada com o auxílio do software Atlas.ti. Os resultados apontaram que o processo de implantação das normas internacionais de contabilidade impactou a estrutura da área organizacional controladoria, por meio de novas atividades, discussões e mudanças nos processos e controles, além da interação dos agentes, por meio de comunicação e capacidades, permitindo a produção e a reprodução dessa área. Conclui-se que a dualidade da estrutura preconizada por Giddens (1979; 1996; 2003 ocorreu na empresa no período analisado, pois a estrutura impactou a interação e vice-versa.

  2. Da objetividade à intersubjetividade: contribuições da teoria do Agir Comunicativo para o paradigma Interpretativo

    OpenAIRE

    Hernani Luiz Azevedo; Gladys Denise Wielewski

    2016-01-01

    O presente artigo traz algumas discussões sobre a relação objetividade/subjetividade na construção do conhecimento, tendo em vista o Paradigma Interpretativo, muito utilizado nas pesquisas qualitativas em educação e educação científica. Para tanto, discorremos sobre alguns paradigmas epistemológicos presentes na ciência e filosofia, como o paradigma positivista e o fenomenológico. A evolução histórica dos debates sobre a influência da subjetividade na construção do conhecimento nos levou a pr...

  3. Contribuições da teoria sócio-histórica para a pesquisa sobre a escolarização de jovens e adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorenna Silva Oliveira Costa

    2013-01-01

    Full Text Available Este artigo situa-se no âmbito da discussão sobre a contribuição da teoria sócio-histórica na análise dos processos de ensino-aprendizagem com o público de jovens e adultos, enfatizando a formação de conceitos e a importância da palavra nesse processo. As reflexões originam-se de um trabalho desenvolvido em um curso técnico integrado ao Ensino Médio na modalidade de Jovens e Adultos na disciplina de Química. Uma proposta didática estruturada no tema vivencial A Química dos Alimentos foi elaborada e implementada, criando um diálogo entre os conteúdos abordados e a vivência dos alunos. Utilizou-se, como principal referencial, a teoria sócio-histórica de Vigotski e a análise de discurso proposta por Bakhtin. A análise das interações discursivas mostra as dificuldades desse público em lidar com o pensamento abstrato, do que se depreende a necessidade de uma profunda reflexão teórica acerca de propostas didáticas e curriculares para a Educação de Jovens e Adultos.

  4. Em direção a uma teoria da produção internacional de serviços de infraestrutura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Araujo Turolla

    2013-04-01

    Full Text Available Este artigo discute elementos de uma teoria da produção internacional de serviços de infraestrutura. Eu apresento uma visão microeconômica sobre as principais falhas de mercado dos serviços de infraestrutura, e argumento que as idiossincrasias destes setores podem exigir modificações nas atuais teorias de negócios internacionais para a explicação do contexto específico dos investimentos diretos estrangeiros em infraestrutura. O artigo discute as vantagens de propriedade relevantes, principalmente na definição de padrões e na capitalização; as vantagens de localização que são mais claras, mas que não operam da forma convencional. A entrada preventiva assegura vantagens de pioneiro à luz da natureza transitória das janelas de oportunidade. A internalização, embora aparentemente não seja relevante, pode se mostrar importante em transações específicas envolvendo a contratação de projetos e de financiamento. O processo de internacionalização das firmas de infraestrutura pode também merecer adaptações, mesmo considerando a versão mais recente do modelo de Uppsala que leva em conta o passivo de ser externo à rede.

  5. PRESSUPOSTOS FILOSÓFICOS DA CRÍTICA HISTÓRICO-PSICOLÓGICA: um comentário à teoria das emoções de Vigotski

    OpenAIRE

    2013-01-01

    Investigação sobre os pressupostos filosóficos presentes na hipótese formulada por Vigotski no trabalho intitulado Teoría de las emociones: estudio histórico-psicológico: a filosofia de Espinosa não foi antecessora da teoria organicista das emoções de James-Lange. Para tanto, identificou-se o problema, as hipóteses, a metodologia e a linha argumentativa apresentada por Vigotski no referido texto. Em seguida, tentou-se explicitar a crítica de cunho experimental que o mesmo realiza em relação à...

  6. Teorias do imperialismo e da dependência: a atualização necessária ante a financeirização do capitalismo

    OpenAIRE

    Marisa Silva Amaral

    2012-01-01

    Três eixos de discussão são propostos neste trabalho. O primeiro é o de que, especialmente a partir dos anos 1970-1980, dado o ganho de hegemonia da estratégia neoliberal de desenvolvimento, o capitalismo teria ingressado numa nova fase. Entre todas as teorias desenvolvidas a fim de defender esta proposta, destacam-se aquelas que dão especial atenção ao aspecto financeiro das transformações recentes na dinâmica capitalista, enfatizando a importância histórica assumida pela valorização fictíci...

  7. ANÁLISE DE TENSÕES EM ESTRUTURAS AXISSIMÉTRICAS EMPREGANDO A FORMULAÇÃO EM COORDENADAS POLARES DA TEORIA DE VOLUMES FINITOS

    OpenAIRE

    dos Santos, Arlan Ricardo C; Cavalcante, Márcio André A.

    2017-01-01

    Resumo. Este trabalho apresenta uma formulação para análise de tensões em estruturas axissimétricas, tais como tubos circulares, cilindros e anéis, elaborada com base em uma versão em coordenadas polares da Teoria de Volumes Finitos. Esta formulação é bastante apropriada para análise de tensões em estruturas com contornos curvos, apresentando geometria e campos mecânicos expressos em termo de coordenadas polares, visando melhorar o desempenho do método em tais situações. Diferentemente de ver...

  8. AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO: CONFIGURAÇÃO E FUNCIONAMENTO SOB O VIÉS DA TEORIA SEMIOLINGUÍSTICA DO DISCURSO

    OpenAIRE

    Elaine Luzia SILVA; Corrêa-Rosado,Leonardo Coelho; Oliveira, Leilane Morais

    2012-01-01

    Esse estudo buscou configurar, por meio dos pressupostos teórico-metodológicos daTeoria Semiolinguística do discurso, o gênero situacional Audiências de Conciliação,pertencentes ao domínio discursivo jurídico. Tal configuração partiu dos apontamentos deCharaudeau (2004) sobre os níveis situacional, discursivo e formal. Assim, pode-se constatarque as Audiências são sessões coordenadas por mediadores/conciliadores cuja finalidadecontratual é a de promover um acordo entre os demais participantes...

  9. Educação infantil e intervenção motora : um olhar a partir da teoria bioecológica de Bronfenbrenner

    OpenAIRE

    Spessato, Barbara Coiro; Valentini, Nadia Cristina; Krebs,Ruy Jornada; Berleze, Adriana

    2009-01-01

    Este estudo investigou a relação entre o enriquecimento do contexto da creche e a legislação vigente. Três estudos de caso com bebês foram conduzidos no paradigma da Teoria Bioecológica. Os resultados demonstraram que os bebês apresentaram novas competências de manipulação, controle postural e interação social. Entretanto a qualidade dos cuidados oferecidos na creche era restrita à higiene e alimentação. A intervenção pode ser implementada no espaço da creche; entretanto faz-se necessário se ...

  10. A discussão acerca da oferta de trabalho e dos salários nominais na Teoria Geral: novos caminhos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luís Cabral de Lourenço

    Full Text Available Resumo O artigo tem como objetivo central defender a ideia de que a plena aceitação do princípio da demanda efetiva é dificultada pelos parcos desenvolvimentos de uma função oferta de trabalho capaz de gerar resultados tipicamente keynesianos, ainda quando alicerçada em microfundamentos comportamentais de otimização. Identifica ainda no modelo de Hoover (1995 o melhor caminho disponível para fazer avançar uma agenda de pesquisas neste campo, de forma perfeitamente compatível com a interpretação heterodoxa da estrutura teórica da Teoria Geral.

  11. O desenvolvimento do psiquismo na vida cotidiana: aproximações entre a psicologia de Alexis N. Leontiev e a teoria da vida cotidiana de Agnes Heller

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Henrique Rossler

    Full Text Available Este trabalho pretende apontar algumas aproximações entre a psicologia de Leontiev e a teoria da vida cotidiana de Agnes Heller, mais precisamente aquilo que a filósofa húngara denomina como formas de pensamento, sentimento e ação típicas da cotidianidade. Nossa hipótese é a de que esse estudo pode trazer contribuições para a psicologia sócio-histórica, especialmente no que se refere à compreensão das características do psiquismo humano numa sociedade marcada por processos de alienação, isto é, quando a estrutura da vida cotidiana cerceia o desenvolvimento intelectual, afetivo e moral dos indivíduos. Pretendemos, assim, contribuir para o entendimento daquilo que denominamos de "psiquismo cotidiano".

  12. Passagem da compreensão à verdade: contribuição do estruturalismo à teoria lacaniana da psicose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Léa Silveira Sales

    2007-12-01

    Full Text Available A argumentação procura mostrar que é a inserção na racionalidade estruturalista que finalmente conduz Lacan a providenciar a descrição de um dispositivo específico na causação da psicose, permitindo, através da distinção entre conhecimento e verdade, a superação dos impasses de sua tese de doutorado, então baseada em critérios de assentimento social e na tentativa de sobrepor explicação e compreensão.Passage from comprehension to truth: structuralism’s contribution to the Lacanian psychosis theory. From comprehension to truth: structuralism’s contribution Lacanian theory of psychosis. The argument tries to show that it is the insertion into the structuralist rationality that finally leads Lacan to provide the description of a specific device in the causation of psychosis, allowing, through the distinction between knowledge and truth, the overcoming of the impasses of his doctoral thesis, then based on criteria of social consent and on the attempt to overlap explanation and comprehension.

  13. Estudo teórico da cinética de reações de abstração de hidrogênio do etanol e metanol.

    OpenAIRE

    Edson Firmino Viana de Carvalho

    2010-01-01

    Este trabalho está baseado no estudo de reações de combustão do metanol e do etanol empregando métodos de cálculos de estrutura eletrônica e da teoria variacional do estado de transição (TVET). Os sistemas propostos são reações de abstração de hidrogênio entre os radicais H (2S) e O (3P) e as moléculas de etanol (C2H5OH) e metanol (CH3OH). Numa primeira etapa, diferentes métodos como os da teoria do funcional da densidade, da teoria de perturbação de segunda-ordem Møller-Plesset (MP2) são emp...

  14. A governança corporativa e a teoria da agência em consonância com a controladoria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Silva de Arruda

    2008-04-01

    Full Text Available A estrutura de controle e de gestão das firmas tem sido alterada juntamente com as mudanças que vêm ocorrendo na economia. Empresas que antes estavam nas mãos do proprietário, que além das ações também detinha a administração da empresa, agora se deparam com a separação das funções de proprietário e de administrador. A partir do momento em que aparecem dois papéis dentro da firma, emergem alguns problemas, entre os quais se pode citar a adequação das decisões tomadas pelo administrador com as necessidades do acionista, problema este que é estudado pela Teoria da Agência. O papel da Governança Corporativa é monitorar as relações existentes entre a administração e os acionistas (majoritários e minoritários e tentar minimizar as discrepâncias existentes entre eles. Neste contexto, ganha evidência a Controladoria, que tem por objetivo apoiar a avaliação de desempenho da firma, gerir os sistemas de informações e atender aos agentes do mercado. Com base na revisão bibliográfica a respeito dos conceitos apresentados, foi possível demonstrar a interdependência entre a Teoria da Agência, a Governança Corporativa e a Controladoria, evidenciando que esses conceitos estão intimamente ligados e que, se utilizados em consonância, ajudam a adequar os resultados obtidos com os desejados pelos proprietários.

  15. Integralidade e atenção obstétrica no Sistema Único de Saúde (SUS: reflexão à luz da teoria da complexidade de Edgar Morin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Andréia Pereira Soares dos Santos

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Refletir sobre a integralidade e atenção obstétrica no Sistema Único de Saúde à luz da teoria da complexidade de Edgar Morin. Métodos: Para a construção deste texto tomaram-se algumas ideias do filósofo francês Edgar Morin, Teoria da Complexidade e alguns referenciais do ministério da saúde. Resultados: A institucionalização e a hegemonia do modelo cartesiano levaram a segmentação do ser humano e a fragmentação do cuidado e interferiram no alcance da integralidade da atenção obstétrica no sistema único de saúde. Conclusão: A assistência ao parto e nascimento precisa considerar o sujeito complexo para conseguir superar o paradigma cartesiano, fragmentado e intervencionista e alcançar a integralidade da atenção obstétrica do sistema único de saúde. Implicações para a prática: A busca por um paradigma na atenção à saúde obstétrica centrado na autonomia do usuário, atenção articulada e humanizada favorece a construção de práticas que garantam a integralidade na assistência à mulher.

  16. TEORIAS DA ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA: DILEMAS E DESAFIOS NO ENSINO MÉDIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto de Araújo Porto

    Full Text Available Neste trabalho foram analisadas as representações sociais de um grupo de estudantes do Ensino Médio de uma escola confessional católi ca sobre a origem dos seres vivos, com destaque para o surgimento do homem e da mulher. No estudo, utilizou-se a metodologia do discurso do sujeito coletivo (DSC. Os resultados obtidos mostraram que o grupo investigado tem fortes características religiosas, mas com abertura para as explicações científicas. Seus discursos, ao revelarem influências religiosas, não indicaram que estas eram obstáculos à apreensão dos conteudos ensi nados no âmbito das ciências. Mostraram, antes, sinais de deficiência na abordagem escolar do tema. Nas representações sociais dos estudantes, as influências familiares apareceram como mais relevantes do que aquelas provenientes de atividades escolares.

  17. Análise do planejamento e controle da produção sob a ótica da Teoria da Complexidade Analysys of the production planning and control under the view of the Complexity Theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Augusto Ferreira Dutra

    2007-08-01

    Full Text Available Neste trabalho buscou-se analisar o sistema de planejamento e controle da produção (PCP das empresas a partir dos preceitos da Teoria da Complexidade. Esta Teoria sugere que as organizações e seus sistemas sejam vistos como sistemas complexos adaptativos (SCAs, sistemas cuja propriedade básica é a capacidade de ajustar seu comportamento em função das alterações ambientais. Um estudo de caso foi aplicado a duas empresas, no intuito de evidenciar aspectos típicos de SCAs presentes nos sistemas de PCP das mesmas. Os resultados evidenciaram que as implicações da Complexidade estão presentes na rotina de trabalho do PCP das empresas, sendo que foi possível identificar casos em que os preceitos da Teoria contribuíram na solução de problemas emergentes na rotina do PCP. No entanto, estas características podem ser mais desenvolvidas para que o sistema possa responder mais ativamente às alterações que acontecem em seu meio.In this work the production planning and control (PPC system of the organizations is analyzed under the concepts of the Complexity Theory. This theory suggests that the systems must be observed as complex adaptive systems (CASs. These kinds of systems have as basic property the ability to adjust their behavior to deal with new situations on their environment. A case study was applied to two organizations, looking forward to identify typical aspects of CASs on the PPC systems of the organizations. The results showed that the Complexity Theory implications are present in the routines of production planning and control of the organizations It was possible to identify situations where the Complexity aspects helped to solve problems on the PPC. However, the Complexity aspects can be more developed on the PPC systems. In this way, these systems can answer faster the changes that happen on their environment.

  18. Internet e Regulação: a ICANN à luz da teoria da regulação / Internet and Regulation: ICANN in Light of the Theory of Regulation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Flávio Bianchi

    2016-05-01

    Full Text Available RESUMO Propósito – O principal objetivo é analisar a atuação da ICANN, uma entidade privada sem fins lucrativos, que exerce papel regulatório, sob a luz de uma teoria específica da regulação. Metodologia/abordagem/design – A metodologia inclui a análise do material publicado pela ICANN durante o programa de expansão do gTLD, em especial sobre o nome de domínio “.amazon”. Resultados – O artigo demonstra a possibilidade de analisar as atividades da ICANN sob a perspectiva da teoria processual administrativa da regulação. Originalidade/relevância do texto – O artigo inova na análise de uma entidade privada – apesar de seus vínculos com o governo norte-americano – a partir da teoria processual administrativa da regulação. ABSTRACT Purpose – The main goal of the paper is to analyze ICANN’s activities, a non-profit corporation with regulatory role, in light of a specific theory of regulation. Methodology/approach/design – The methodology includes the analysis of the material published by ICANN during the expansion of the gTLD programme, in special the ruling related to the “.amazon” gTLD. Findings – The activities of ICANN fits into the framework of the administrative process theory. Originality/value – This paper innovates in the analysis of a purely privately-held entity – i.e. ICANN, although it has ties with the U.S. government – from the perspective of the administrative process theory of regulation.

  19. Análises da precipitação pluvial no Estado da Paraíba com base na teoria da entropia Use of entropy theory in analysis of rainfall and air temperature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente de P. R. da Silva

    2003-08-01

    Full Text Available Os dados diários de precipitação pluvial de 58 postos pluviométricos do Estado da Paraíba e de temperatura média diária de Campina Grande, PB, foram utilizados para avaliar a variabilidade espacial e temporal da precipitação pluvial, com base na teoria da entropia. Analisou-se, também, a variabilidade temporal da temperatura do ar em Campina Grande, com base nessa mesma teoria. Os resultados evidenciaram que a entropia é alta em locais com intensa precipitação, e baixa quando ocorrem, nesses locais, baixos índices pluviométricos; conseqüentemente, nos períodos chuvosos a entropia é alta e, nos períodos de estiagem, é mínima. Este trabalho evidencia, ainda, que qualquer série temporal de entropia decresce exponencialmente com o aumento do seu desvio-padrão.The objective of this study was the evaluation of the rainfall variability in Paraíba state. Daily rainfall observed from a network of 58 rain gauges in Paraíba State and mean daily temperature observed at Campina Grande weather station were analyzed using entropy theory. The results showed that rainfall entropy is high in localities and periods with high rainfall values and is low in localities and periods with low rainfall values. Maximum values of rainfall entropy occurred in the rainy period and minimum values occurred in the dry period. However, the entropy of the temperature time serie was constant, with maximum value of 8.53 bits. This study shows that for any time series the entropy decreases exponentially with increase of standard deviation.

  20. A teoria da interpretação jurídica de Hans Kelsen: uma crítica a partir da obra de Friedrich Müller

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nestor Castilho Gomes

    2008-09-01

    Full Text Available O artigo analisa a teoria da interpretaçãojurídica de Hans Kelsen, apresentada na TeoriaPura do Direito, a partir da posição teóricade Friedrich Müller, isto é, a partir das críticasformuladas pela Teoria Estruturante do Direito.Demonstrar-se-á como a distinção entre ser edever-ser, traço fundamental do projetoepistemológico kelseniano, influenciou a teoriada interpretação por ele proposta. Outrossim, opresente trabalho expõe em detalhes a teoria dainterpretação jurídica de Kelsen para, posteriormente,efetuar um inventário das críticas que lhesão formuladas, tendo como fio condutor a obrade Friedrich Müller, sem prejuízo da abordagemde outros autores.Abstract: The article examines the theory of legalinterpretation as presented by Hans Kelsen onhis “Pure Theory of Law”, under the criticalapproach of Friedrich Müller, on his “StructuringTheory of Law” [Strukturiende Rechstslehre].The article shall demonstrate how Kelsen’sdistinction between sein [being] and sollen [shouldbe] – as a fundamental feature of hisepistemological project – influenced the theoryof interpretation he proposed. Also, this workpresents in detail the theory of legal interpretationof Kelsen to thereafter make an inventory of criticsformulated about it, under the guideline from worksof Friedrich Müller, besides the approach of otherauthors.

  1. Duhem como precursor de Popper, Kuhn e Lakatos sobre a metodologia da escolha racional de teorias: da dualidade à trialidade metodológica = Duhem as forerunner of Popper, Kuhn and Lakatos on the Theory of Rational Choice: from methodological duality to triality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chiappin, José Raymundo Novaes

    2015-01-01

    Full Text Available A tese é de que a concepção de Duhem da ciência antecipa, entre outros elementos, o modelo de escolha de teorias científicas associado com as concepções de Popper, Lakatos e Kuhn. No contexto do seu debate com Poincaré, Duhem propõe um modelo metodológico de escolha racional de teorias formado, também, de componentes extralógicos. O modelo substitui a metodologia bipartida, teoria e natureza, por uma tripartida, confrontação entre duas teorias e natureza. Tal metodologia verifica-se adequada para descrever o processo de escolha de teoria formado das etapas da refutação e rejeição. Ambas as propostas revelam seu enfoque histórico-crítico cuja tese é a interdependência entre história e teoria da ciência. A interdependência configura-se num laboratório para a elaboração, a avaliação e teste das propostas metafísicas e metodológicas para a construção de uma teoria da ciência

  2. Análise dos conceitos de negociação/acomodação da teoria de M. Leininger

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Boehs Astrid Eggert

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo clarificar o modo de implementação do cuidado negociação/acomodação, preconizado pela teoria da Universalidade e Diversidade do Cuidado de Madeleine Leininger. Tem como recurso a técnica de análise de conceito para fazer análise na literatura.Verificou-se que o conceito de acomodação define a idéia de enquadramento, de algo passivo, enquanto na negociação cada parte leva recursos e necessidades a serem satisfeitas. Nos trabalhos analisados que utilizaram a teoria de Leininger, apenas um demonstra aproximar-se da negociação. Como conclusão, considera-se que acomodação é diferente de negociação, sendo que na prática ocorre com mais ênfase a acomodação do que a negociação.

  3. Aplicação da teoria de Parse no relacionamento enfermeiro-indivíduo Nurse-person relationship based on Parse's theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sarah Nancy Deggau Hegeto de Souza

    2000-09-01

    Full Text Available O estudo tem o objetivo de relatar experiências de situações vividas pelas autoras ao aplicarem os fundamentos da teoria de Parse "Human Becoming" e apresentar seus princípios e conceitos visando divulgá-la. Após estudo teórico para a compreensão da teoria, os seus princípios foram aplicados na prática. As autoras constataram que isto implica em mudança de valores e crenças do enfermeiro, transformando sua visão sobre o ser humano e sua saúde, tornando o cuidado mais humanístico. A experiência vivenciada possibilitou amadurecimento pessoal e profissional das autoras.This study has the purpose of telling experiences lived by the authors, using the foundations of Parse's theory, "Human Becoming". They observed the study of the theory and its aplication in nursing practice claim for changes in nurse's values and beliefs, transforming her vision about human being and health, giving a more humanistic care. This lived experience allowed personal and professional maturation for the authors and stimulated them to divulge the theory to contribute for the nursing growth and improve the person's quality of life.

  4. Elementos da política e da teoria do Estado em De o espírito das leis de Montesquieu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Kritsch

    2011-02-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é introduzir os alunos no pensamento político de Charles-Louis de Secondat, mais conhecido como o barão de Montesquieu, a partir da teoria política e jurídica por ele desenvolvida em De o espírito das leis, obra que marcaria fortemente o pensamento jurídico bem como o desenho institucional do Estado constitucional moderno. Partindo-se das idéias fundantes de natureza e princípio das formas de governo, passando pela influência das causas físicas (ou materiais e sociais, discute-se a relação de causalidade de todos estes determinantes para aquilo que Montesquieu denomina “o espírito das leis”. Mostra-se ainda como o autor relaciona a liberdade política tanto à separação dos poderes do Estado e a um sistema de freios e contrapesos constitucionais quanto à brandura ou severidade das penas presente no sistema criminal de cada povo. Por fim, discute-se brevemente as noções de lei e direito natural no pensamento do autor.

  5. Origens e afiliações epistemológicas da Teoria Ator-Rede: implicações para a análise organizacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dany Flávio Tonelli

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é apresentar algumas origens e influências epistemológicas que moldaram a Teoria Ator-Rede (TAR, visando a contribuir para sua inserção esclarecida no contexto da análise organizacional. Depois da apresentação inicial e de uma reflexão sobre as origens da TAR, são discutidos os seguintes temas: i crítica da "construção social da realidade"; ii conceito de "simetria"; iii conceito de "translação"; e iv expansão do significado de "atuante". Ao final são exploradas as implicações para a análise organizacional, as quais reforçam a importância dos conceitos básicos para a compreensão da TAR, colaborando para a sedimentação do uso de suas categorias em diversos campos científicos.

  6. O delírio à luz da teoria dos atos de fala Delusion according to the theory of speech acts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Martins

    2000-01-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta uma possível solução para problemas suscitados pelo entendimento do fenômeno delirante segundo o modelo de uma teoria restrita da referência absoluta, na qual as palavras e, consequentemente, os juízos, corresponderiam às coisas como um alfabeto lógico. Na concepção pragmática aqui adotada, a linguagem é tomada por um jogo regido por regras em que é mais importante a eficácia da cooperação discursiva que o significado ideal das expressões. A teoria dos atos de fala se mostra a mais bem acabada solução da pragmática filosófica nesse sentido e é usada como princípio metodológico na análise dos excertos de fala de pacientes delirantes que constituem os corpus discursivos. O delírio termina por se mostrar como uma solução inédita para questões cruciais da história do indivíduo psicótico.This paper presents a possible solution to the problems aroused by the understanding of the delusional phenomenon according to the model of a restricted theory of absolute reference in which the words and, consequently, the judgements, correspond to the things as a logical alphabet. In the pragmatic conception adopted here, language is taken as a game guided by rules in which effective discursive cooperation is more important than the ideal meaning of expressions. In this sense, the theory of acts of speech seems to be the best solution offered by the philosophical pragmatics and it is used as a methodological principle on the analysis of speech excerpts of delusional patients. Delusion shows itself as an original solution to decisive questions in the history of a psychotic person.

  7. A Estratégia Empresarial e o Marketing Estratégico como forma de fortalecimento da doutrina cooperativista: uma pesquisa aplicada sob o enfoque da Teoria dos Jogos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Poliana Cristina de Oliveira Cristo Diniz

    2014-02-01

    Full Text Available A infidelidade dos cooperados é um dos grandes problemas enfrentados pelas cooperativas de leite, motivado pelas oscilações no preço do leite nos períodos de safra ou entressafra. Considerando isso, o objetivo deste artigo é abordar o problema da infidelidade dos cooperados nestas organizações, analisando-o sob a perspectiva da Estratégia Empresarial, com enfoque na Teoria dos Jogos e no Marketing Estratégico. O objeto de estudo foi uma Cooperativa de leite da messoregião Campos das Vertentes/MG. Nos aspectos metodológicos, a pesquisa foi descritiva e abordada em forma de estudo de caso. Como resultado, observou-se que a Teoria dos Jogos retratou os problemas sob o ponto de vista das ações oportunísticas e infiéis dos seus associados, enquanto que o Marketing e a Estratégia Empresarial foram os mecanismos para a manutenção da cooperação na situação de entressafra, tendo em vista que a infidelidade dos associados é altamente prejudicial à eficiência econômica da organização.

  8. Proeminência da marca, automonitoramento e teoria da função de atitude: uma análise sobre avaliação dos anúncios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Afonso Vieira

    2016-02-01

    Full Text Available Objetivo: Sugerimos uma interação entre a teoria da função de atitude (ajuste social ou expressão de valores, a teoria de automonitoramento e a proeminência da marca (baixa ou alta para explicar a avaliação de anúncios por meio dos consumidores. Originalidade/lacuna/relevância/implicações: Não evidenciamos estudos que relacionassem os efeitos comportamentais da função de atitude, automonitoramento e proeminência da marca ao comportamento do consumidor, embora a literatura estrangeira nos proporcionasse poucos estudos relacionando função de atitude ou automonitoramento à visibilidade da marca, no entanto sem trazer essa relação tripla utilizada. Principais aspectos metodológicos: Lançamos três hipóteses em dois experimentos fatoriais tipo 2 × 2 × 2 entre grupos elaborados com anúncios de produtos de luxo. Síntese dos principais resultados: Os achados mostraram um efeito interativo entre a teoria da função de atitude e a proeminência da marca, e isso significa que a marca influencia as avaliações dos consumidores sobre a lealdade e a intenção de compra em anúncios com uma atitude fundamentada na expressão de valores. Os resultados indicaram uma interação entre automonitoramento e proeminência da marca. Há maiores níveis de lealdade e atitude para os anúncios sem a proeminência da marca e com baixos níveis de automonitoramento e uma interação entre função de atitude e automonitoramento para explicar o valor percebido. Principais considerações/conclusões: O campo do marketing pode fazer uso dos resultados via comunicação, anunciando produtos de alta proeminência da marca com foco na expressão de valores e para indivíduos com menor automonitoramento, objetivando maior influência da intenção

  9. Desempenho dos alunos de Ciências Contábeis na prova Enade/2012: uma aplicação da Teoria da Reposta ao Item

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Vinicius Weigert Camargo

    2016-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo mensurar o desempenho (proficiência dos estudantes de Ciências Contábeis no Enade por meio da Teoria da Resposta ao Item (TRI. A mensuração do desempenho dos estudantes foi realizada, utilizando-se o modelo logístico de três parâmetros (ML3P, com dados extraídos do site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep relativos à prova Enade/2012, contemplando 47.098 estudantes. A escala elaborada permitiu discriminar os estudantes em três níveis de desempenho. Observou-se que estudantes situados no Nível 1 têm domínios relacionados a leitura e interpretação de textos e raciocínio quantitativo. À medida que passa para o Nível 2, o estudante, além dos domínios do nível anterior, deve apresentar raciocínio lógico e visões sistêmica e holística. No Nível 3, complementarmente aos domínios exigidos nos níveis 1 e 2, devem apresentar conhecimento interdisciplinar entre os conteúdos contábeis, capacidade crítico-analítica, e aplicação prática dos conteúdos dominados. Os resultados apontaram também que os itens contidos na prova Enade representaram um alto grau de dificuldade para o grupo que realizou a prova. Independente das características analisadas os estudantes, em geral, apresentaram proficiências muito baixas. Esse resultado sugere que são necessárias ações das IES e políticas públicas capazes de contribuir para a melhoria do desempenho apresentado pelos estudantes.

  10. O ensaísmo presente em "Se um viajante numa noite de inverno", de Italo Calvino: uma teoria da leitura em um romance metaliterário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Ramos

    2015-04-01

    Full Text Available Este estudo propõe uma reflexão sobre como o pensador Italo Calvino evidencia em Se um viajante numa noite de inverno (1979 uma teoria da leitura. Nesse romance, enquanto o escritor narra a tentativa do personagem chamado Leitor de terminar a leitura de um livro, ele também teoriza sobre o leitor e a leitura. Dentre as muitas possibilidades de análise dessa obra, tendo em vista sua multiplicidade, é focado a exposição, no próprio texto, do processo de escrita do romance e da sua ficcionalidade. O recorte escolhido tem sua relevância justificada pela proposição de Jean Baudrillard em Simulacros e simulação (1991: a “promessa”, uma vez que ainda não havia se revelado na época desta publicação, da terceira categoria de simulacro, na qual já não haveria o isolamento de ficção e teoria e em que a indistinção entre imaginário e real abriria caminho para a presentificação da metatécnica; essa categoria é percebida na obra estudada e é a que, segundo Baudrillard, ainda pode interessar-nos. Se um viajante numa noite de inverno, porquanto espaço de articulação metaliterária, é um ambiente profícuo de interação entre ficção e teoria, sendo, portanto, ainda mais produtivo para o debate sobre a figura e a função do leitor. É precisamente o aspecto metaliterário relacionado à figura do leitor e à sua atividade o que é rastreado nesse texto que o próprio escritor denominou hiper-romance. Para isso, identifica-se e analisa-se alguns aspectos distintivos dessa obra quanto a: como ler, tipos de livros, a arte de não-ler, leitor e leitura; de modo que o objeto literário de estudo é também parte do corpus teórico selecionado. À produção ficcional e teórica de Italo Calvino, soma-se os construtos teóricos de Wolfgang Iser e Jorge Luis Borges para a compreensão e análise do texto literário em foco quanto aos temas centrais desenvolvidos aqui: leitor e leitura.

  11. Global Reporting Initiative (GRI: uma análise da adesão as diretrizes pelas empresas listadas no novo mercado sob a perspectiva das teorias institucional e da legitimidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Dias da Silva

    2015-05-01

    Full Text Available O estudo se propõe analisar, sob a perspectiva das Teorias Institucional e da Legitimidade, quais companhias do Novo Mercado da BM&FBovespa aderiram às diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI e identificar qual a versão das diretrizes GRI adotadas. O estudo é descritivo, qualitativo e documental. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo e se referem ao período de 2011 a 2013. Percebe-se que, das 133 companhias da amostra, 67 não possuem ou não foram encontrados os relatórios de sustentabilidade no período analisado. Das 66 empresas que publicaram o relatório de sustentabilidade no período de 2011 a 2013, somente 17 empresas não divulgaram as informações socioambientais conforme as diretrizes da GRI. Os resultados revelam que as empresas divulgam práticas de sustentabilidade nos relatórios para reafirmar sua legitimidade perante a sociedade. Além disso, utilizam práticas de divulgação com base em outras empresas modelos, como é o caso da adesão às diretrizes da GRI, o que se pode relacionar com a Teoria Institucional com base no isomorfismo mimético. Sobre as práticas socioambientais, essas são institucionalizadas nas empresas, e a mudança de versão da G3 para G4 possibilita a ampliação do disclosure pelos indicadores propostos.

  12. Psicose e discurso no contexto da teoria lacaniana Psychosis and discourse in the context of Lacanian theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Veloso

    2009-06-01

    Full Text Available O artigo tem como tema 'as relações entre os termos discurso e psicose na teoria lacaniana. Contrariando a afirmação corrente de que na teoria de Jacques Lacan psicose e discurso seriam termos excludentes, percorre-se trechos do legado de Lacan, com o objetivo de demonstrar que as bases em que os comentadores se apoiam, em sua obra, para sustentar essa afirmação não são tão evidentes.The topic of this article is the relationship between the terms discourse and psychosis in Lacanian theory. Contrary to the current affirmation that in the Jacques Lacan theory, psychosis and discourse are excluding terms, the author explores excerpts of Lacan's legacy, demonstrating that the bases on which the commentators hinge their work to sustain this affirmation are not so evident.

  13. Elementos da dinâmica química ao nível da teoria variacional do estado de transição com correções interpoladas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto-Neto Orlando

    1999-01-01

    Full Text Available In this article are presented some fundamental elements of the conventional and of the variational transition state theories which are needed to carried out calculations of semi-classical chemical dynamics. Some important bottlenecks in building reliable potential energy surfaces using electronic structure calculations are also discussed. It is put emphasis on the methodology of the variational transition state theory with interpolated corrections (VTST-IC, and its application in the calculations of the rate constants and of the kinetic isotope effect (KIE of CH4 + Cl « CH3 + HCl reaction.

  14. A Teoria Fundamentada nos Dados nos estudos de Pós-Graduação Stricto Sensu da Enfermagem brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelle Miranda da Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Estudo documental e quantitativo, que objetivou identificar as teses e dissertações defendidas nos Programas de Pós- Graduação em Enfermagem do Brasil que utilizaram o referencial metodológico da Teoria Fundamentada nos Dados (TFD e analisar os aspectos epistemológicos destacados. Os dados foram coletados no Banco de Teses da CAPES, no recorte temporal entre 1996 a 2010. Foram levantados 99 resumos. Realizou-se a leitura analítica dos mesmos para constituição do tema ou problema da pesquisa e do enquadramento teórico. O maior número de produção foi em 2005, na soma dos dois níveis acadêmicos, e 54% das defesas foram sediadas na USP. As áreas temáticas mais expressivas foram: Saúde da Criança/Adolescente; Gestão em Saúde/Enfermagem; Saúde Coletiva e Saúde da Mulher. O principal referencial teórico utilizado foi o Interacionismo Simbólico. A TFD compreende uma metodologia que pode ser empregada na enfermagem, capaz de contribuir no desenvolvimento de novas investigações para o seu aprimoramento contínuo.

  15. Estética da recepção como exemplo de contribuição da teoria literária para a teologia exegética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Leonel

    2015-04-01

    Full Text Available Este artigo investiga o diálogo entre Literatura e Teologia a partir da especificação desses campos em Teoria Literária e Teologia Exegética, respectivamente, no contexto brasileiro. Inicialmente apresenta-se as especificidades e diferenças conceituais entre os dois campos. Em seguida, aponta-se os elementos aproximativos derivados de abordagens norte-americanas e europeias. Por fim, propõe-se que o diálogo se construa a partir da aplicação de princípios literários da Estética da Recepção e apresenta-se um exemplo de análise textual.

  16. DO PALCO DAS (INDIFERENÇAS AOS BASTIDORES DA PÓS-MODERNIDADE: TEORIA HISTÓRICA E PRÁTICAS CONTEMPORÂNEAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Pellini Vargas

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO: Na conturbada esteira epistemológica contemporânea, o presente ensaio crítico tem por objetivo problematizar o discurso de pesquisadores acadêmicos que se sustentam no pensamento relativista pós-moderno em seu estado mais dissimulado e radical. Na sua estrutura, o trabalho contextualiza historicamente o campo "pós" à luz das ideias de Perry Anderson. Num segundo momento, apresenta relatos vivenciados em distintas universidades brasileiras, sendo os quais iluminados e discutidos, essencialmente, pelas teorias de Terry Eagleton e David Harvey. Em síntese, argumenta-se na conclusão que as teorizações radicais "pós-modernas" tendem a se afastar da ideia de "respeito às diferenças", ao fomentar as desconstruções epistemológicas que encaminham teorias, práticas e valores, na direção de uma homogeneização "carismática", mas niilista e superficial.

  17. Piaget e as teorias da evolução orgânica Piaget and the theories of organic evolution

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Argus Vasconcelos de Almeida

    2008-01-01

    Full Text Available As teorias da evolução orgânica, principalmente a de Darwin, tiveram enorme impacto nas ciências humanas, notadamente na psicologia. Piaget importou da biologia diversas formulações teóricas que fundamentaram as suas teorias sobre o desenvolvimento ontogenético humano. A sua tese central estabelece a existência de uma correspondência de funções e isomorfismos parciais de estruturas entre a biologia evolutiva e as funções cognitivas dos sujeitos. Entretanto, suas idéias sobre a evolução dos seres vivos, com ênfase no papel do comportamento na evolução, pouca influência tiveram na biologia dominante de sua época. Não obstante, as teorias epigenéticas contemporâneas da evolução, em confronto teórico com o paradigma neodarwinista, reproduzem e atualizam as idéias piagetianas sobre a evolução e desenvolvimento dos seres vivos. Nesse sentido, defende-se aqui a idéia segundo a qual Piaget formula plataforma teórica que estabelece bases comuns para a psicogênese e a evolução orgânica.Theories of organic evolution, mainly those proposed by Darwin, have strongly influenced human sciences in general, and psychology in particular. Piaget has brought from biology several theoretical proposals which gave support to his formulations concerning human ontogenetic development. The theoretical link between biological and psychological formulations was based on the proposition of correspondences and partial isomorphism between evolutionary biology and cognitive development. However, Piaget's ideas about phylogenetic evolution of live organisms have had little influence over current biology. Nevertheless, epigenetic contemporary theories of biological evolution make use of Piaget's propositions, in theoretical opposition to the neo-Darwinist views. Because of that, it is proposed in this paper the crucial contribution of Piaget in terms of the proposition of a common theoretical ground for psychogenesis and organic evolution.

  18. Abordagens da produção científica em administração publicada na base Scopus à luz da teoria institucional, de 2000 a 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina do Nascimento

    2014-08-01

    Full Text Available O presente artigo teve como objetivo analisar a produção científica sobre Teoria Institucional indexada na base de dados Scopus voltada para a área de Administração, no período de 2000 a 2013. Evidenciou-se que: o autor mais prolífico sobre a temática da Teoria Institucional é Currie, G.; as universidades com maior publicação foram a University of Alberta e University of Nottingham. No cenário nacional, duas revistas aparecem, a RAE – Revista de Administração de Empresas e a Revista de Administração pública; já no cenário internacional, as revistas que possuem maior destaque são a Human Relations, o Journal of Business Ethics, o Business Strategy and the Environment e Critical Perspectives on Accounting. A área do conhecimento que aborda a Teoria Institucional é predominante nas ciências sociais e corresponde a 40,4% do total.

  19. Luta por reconhecimento e a formação da identidade na teoria crítica de Axel Honneth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Bechi

    2015-01-01

    Full Text Available O presente artigo explora os principais conceitos que compõe a teoria do reconhecimento de Axel Honneth, a fim de compreender os propósitos imbricados na idéia de luta por reconhecimento e suas contribuições à nova concepção de identidade surgida a partir da modernidade. No padrão pós-convencional, apresentado por Honneth, o indivíduo é reconhecido em sua individualidade. A identidade subjetiva é constituída de forma intersubjetiva e não mais determinada pelo grupo social. O reconhecimento recíproco é condição para a formação prática da identidade, permitindo ao sujeito participar efetivamente na esfera pública. Contudo, por possuir uma estrutura fundamentalmente intersubjetiva, a identidade individual e coletiva é afetada negativamente pelas diferentes situações de desrespeito presente nos processos de interação social. A negação do reconhecimento de modo injustificado, por meio da violação de expectativas normativas de comportamento, da origem a reações emocionais negativas. Por este motivo, as experiências de desrespeito integram a base motivacional da luta por reconhecimento, dando origem ao conflito social. O tema do conflito em Honneth está vinculado aos processos de formação da identidade prática do sujeito e aos progressos na vida social. O conflito social, traduzido na forma de luta por reconhecimento, caracteriza-se como uma expressão altamente positiva, por contribuir significativamente com a autorrealização individual e coletiva.

  20. Uma contribuição da Teoria da Argumentação para a redução de incongruências da punição estatal considerando Direitos Fundamentais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Cruz Bandeira

    2014-02-01

    Full Text Available A teoria da argumentação, método de chegada a decisão mais justa, e forma de aplicação e fundamentação do Direito, pode ser utilizada em prol de uma redução das inconsistências punitivas estatais, em especial as sanções penais e prisão. Isto porque, observa-se um descolamento do discurso punitivo das expectativas e necessidades práticas punitivas, além do não cumprimento de sua tarefa de, simultaneamente, defender e restringir direitos fundamentais proporcional e consentaneamente à ameaça e lesão ocasionada pelo ato sancionado. A responsabilidade e o dever da congruência punitiva com direitos fundamentais e com discurso punitivo legal e político é do Executivo, Legislativo e Judiciário, e passa por discussão dos Direitos Humanos afetados, por sua consideração macroestrutural na sociedade e adequação da prática punitiva a valores, normas, interpretação, além de efetividade punitiva e de direitos fundamentais.

  1. A formação de alianças estratégicas: uma análise teórica a partir da teoria da dependência de recursos e da teoria dos custos de transação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Querido Cárdenas

    Full Text Available A formação de alianças estratégicas é uma tendência cada vez mais evidente no atual ambiente organizacional, sendo uma das principais estratégias utilizadas pelas organizações para manterem-se competitivas. Nesse sentido, este artigo apresenta o que são alianças estratégicas e quais os motivos que levam as organizações contemporâneas a formarem esse tipo de arranjo cooperativo, demonstrando suas principais características e as vantagens competitivas que pode trazer o seu estabelecimento. Em seguida, é feita uma análise sobre como a tendência de formação de alianças estratégicas pode ser entendida segundo duas diferentes abordagens teóricas: a teoria da dependência de recursos e a teoria dos custos de transação. Assim, procurar-se-á inicialmente estabelecer uma contextualização a respeito de como e porque se dá a formação dessas alianças, buscando-se em seguida entender as abordagens teóricas explicitadas para, então, verificar de que forma estas procuram interpretar esse fenômeno organizacional. Por fim, procura-se correlacionar de que forma essas abordagens se cruzam, numa tentativa de esclarecer os motivos da formação de arranjos cooperativos.

  2. O pensamento criativo de Paul Klee: arte e música na constituição da Teoria da Forma The creative thinking of Paul Klee: art and music in the formation of the Theory of Form

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Costa Ramalho de Castro

    2010-01-01

    Full Text Available Estudo sobre a Teoria da Forma concebida no início do século XX pelo artista plástico Paul Klee e publicado no livro O Pensamento Criativo (KLEE, 1920. A Teoria da Forma de Paul Klee é uma demonstração do pensamento artístico que adota pressupostos formais, previamente estabelecidos para resultar na prática da representação artística. Klee identificou as relações formais entre a música e as artes visuais, apresentando conexões entre a linha melódica e a linha no desenho; o ritmo e as seqüências de módulos e sub-módulos; os tempos dos compassos e as divisões da pintura; a métrica da música e a modulação da forma e da cor nas artes visuais. Klee também apresentou suas experiências com superposição de cores e texturas para representar visualmente a polifonia. A Teoria da Forma de Paul Klee é um exemplo de estudo que pressupõe modelos formais para a elaboração artística e projetual.Study on the Theory of Form conceived in the early twentieth century by artist Paul Klee and published in the book The Creative Thinking (KLEE, 1920. The Theory of Form of Paul Klee is a demonstration of an artistic thought that adopts the previously established formal prerequisites that result in the practice of artistic representation. Klee identified the formal relationship between music and the visual arts, providing connections between the melodic line and the line in the drawing, rhythm and sequence of modules and sub-modules, the pulses of the measures and the divisions of the painting, metrics in music and the modulation of shape and color in the visual arts. Klee also presented his experiences with overlapping colors and textures to visually represent polyphony. The Theory of Form of Paul Klee is an example of a study that requires formal models for the artistic and design elaboration.

  3. Memória, identidade e representação: Os limites da teoria e a construção do testemunho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Sousa Ribeiro

    2012-10-01

    Full Text Available Partindo da perspectiva de que a teoria do Holocausto oferece um quadro paradigmático susceptível de fundar uma reflexão global sobre os fenómenos de violência extrema na modernidade, revisita‑se a questão do significado do Holocausto para a compreensão das possibilidades e dos limites de reconstrução de identidades em contextos pós‑traumáticos. Acentua‑se, em especial, o papel do testemunho como espaço de tradução conducente à superação do estatuto de vítima e à afirmação de uma memória e uma pós‑memória públicas.

  4. Caracterização do articulador mas no discurso pela Teoria da Argumentação na Língua

    OpenAIRE

    Nesello, Marcela Cristiane; PUCRS

    2008-01-01

    Diversas gramáticas têm realizado estudos sobre o articulador mas. Entretanto, nota-se que em todos os estudos dessas gramáticas o mas é classificado e separado de seu contexto lingüístico. Nessa separação, acaba-se por ignorar as possibilidades de uso e o valor argumentativo do articulador, já que as relações dele com os enunciados que o precedem e sucedem normalmente não recebem atenção. Por estudar as relações entre palavras, enunciados e discursos, a Teoria da Argumentação na Língua (ANL)...

  5. AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO: CONFIGURAÇÃO E FUNCIONAMENTO SOB O VIÉS DA TEORIA SEMIOLINGUÍSTICA DO DISCURSO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Luzia SILVA

    2012-01-01

    Full Text Available Esse estudo buscou configurar, por meio dos pressupostos teórico-metodológicos daTeoria Semiolinguística do discurso, o gênero situacional Audiências de Conciliação,pertencentes ao domínio discursivo jurídico. Tal configuração partiu dos apontamentos deCharaudeau (2004 sobre os níveis situacional, discursivo e formal. Assim, pode-se constatarque as Audiências são sessões coordenadas por mediadores/conciliadores cuja finalidadecontratual é a de promover um acordo entre os demais participantes: o consumidor/reclamantee o fornecedor/reclamado. Além disso, a análise do gênero revelou que sua constituiçãoformal e discursiva está relacionada a três fases: (i relato do consumidor, (ii negociação e(iii acordo.

  6. A Teoria dos Conjuntos de Cantor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Acra Freiria

    1992-07-01

    Full Text Available No final dos anos 50 e começo doe anos 60, houve uma reformulação significativa da Matemática no Brasil. Sob a bandeira do modernismo, seus defensores buscaram inovações no ensino da Matemática. Dessa forma, os reformistas se concentraram essencialmente na linguagem abusiva e no formalismo da Teoria dos Conjuntos, o que trouxe mais danos do que benefícios do ensino da Matemática de 1º e 2ºgraus. A linguagem formal da Teoria dos Conjuntos é porém sua parte menos importante. A teoria criada por Cantor tão logo revelou-se como o fundamento de toda a Matemática, possibilitando o desenvolvimento de novas disciplinas, como a Topologia, a Algebra Abstrata, a Teoria da Medida e Integração, a Teoria da Probabilidade e a Análise Funcional. O objetivo deste trabalho é um relato sucinto de como surgiu essa teoria, apresentando o "Conjunto de Cantor" como um dos mais ricos exemplos de "Conjunto perfeito" encontrados na literatura matemática.

  7. A questão controversa da cosmologia moderna: Uma teoria e suas incongruências parte 2

    OpenAIRE

    2000-01-01

    Este artigo procurará aprofundar as críticas ao Big Bang , apresentando dados recentes que conflitam com os resultados esperados por esse modelo de Universo. As críticas varrem um amplo espectro e procuram proporcionar ao leitor uma visão diversa daquela encontrada em livros-textos e artigos de divulgação científica; procuram, sobretudo, nadar contra a corrente de uma teoria que acredita falar de uma realidade última e quase positivisticamente determinada.

  8. Reprodução e gênero: paternidades, masculinidades e teorias da concepção Reproduction and gender: paternities, masculinities and conception theories

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Gomes Costa

    2002-07-01

    Full Text Available Trata-se de uma discussão sobre reprodução e gênero, a partir de uma pesquisa realizada com homens que procuravam um ambulatório de reprodução humana na cidade de Campinas (SP em busca de tratamento para esterilidade ou de informações e métodos de planejamento familiar. A pesquisa teve como objetivo estudar as representações masculinas da paternidade, analisando o que estas revelavam sobre a masculinidade e sobre as formas como gênero é constituído. O estudo apontou associações entre paternidade e masculinidade, entre fertilidade e masculinidade, mas sempre mediadas por gênero e por conexões específicas. O estudo levou, ainda, a uma reflexão a respeito das teorias sobre a concepção, em uma análise de como uma teoria duogenética da reprodução informa as representações dos entrevistados sobre paternidade e maternidade.This article carries on a discussion on reproduction and gender based on interviews with men in a human reproduction clinic in the city of Campinas (SP, Brazil,who were seeking treatment for sterility or information about methods of family planning. The object of the research was to investigate male representations of paternity, analyzing what this revealed about masculinity and the ways in which gender is constituted. The study found associations between paternity and masculinity, between fertility and masculinity, but always mediated by gender and by specific connections. The study led to a reflection on conception theories, especially on how a duogenetic theory of reproduction is present in the representations of the people interviewed about paternity and maternity.

  9. Possibilidades de uso da teoria das representações sociais para os estudos pessoa-ambiente Possibility of use social representation theory to environmental-person studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislei Mocelin Polli

    2011-04-01

    Full Text Available Os problemas ambientais gerados pelo comportamento humano são antigos, mas certamente se agravaram com o avanço tecnológico, de modo que a preocupação com o destino do nosso planeta é também uma preocupação com as relações que as pessoas estabelecem com o ambiente. A psicologia ambiental busca construir modelos explicativos para tal interação, considerando a influência recíproca entre as pessoas e o ambiente. Entre outras contribuições à psicologia ambiental, a teoria das representações sociais tem se mostrado de grande valor para a compreensão desta complexa relação. No campo ambiental a teoria das representações sociais tem assumido um valor incontestável na busca da compreensão das dinâmicas sociais, pois permite conhecer os processos cognitivos e simbólicos que norteiam as práticas direcionadas ao mundo que nos cerca. Esse estudo teórico busca colocar em pauta as contribuições que a teoria das representações sociais pode trazer a compreensão da relação entre pessoa e ambiente.The environmental problems generated by the human behavior are old, but they are aggravated with the technological advance, in way the concern with the destination of our planet is also a concern with the relations the people establish with the environment. Environmental psychology inquires to construct clarifying models for such interaction, considering the reciprocal influence between the person and the environment. Among others contributions to environmental psychology, the social representations' theory has shown of great value for the understanding this complex relation. In the environmental field the social representations' theory has an undisputed value in the search of the social dynamic's understanding. It allows knowing cognitive and symbolic processes that guide the practical ones directed to the world around us. This theoretical study inquires to place in guideline the contributions that the social representations

  10. Adaptação ao divórcio e relações coparentais: contributos da teoria da vinculação Adjustment to divorce and co-parental relations: contributions from the theory of attachment

    OpenAIRE

    Diogo Lamela; Bárbara Figueiredo; Alice Bastos

    2010-01-01

    Neste artigo propõe-se uma contribuição da teoria da vinculação na compreensão dos processos de adaptação dos adultos ao seu divórcio e como a desvinculação ao ex-cônjuge interfere na coparentalidade pós-divórcio. Este artigo formula duas hipóteses teóricas. A primeira hipótese afirma que o divórcio, enquanto processo relacional, deve ser lido como um momento de perda que germina reacções psicológicas similares às experienciadas pelos viúvos, tal como descreve Bowlby no modelo de perda da fig...

  11. Considerations about the theory of the modes in the Spinoza's ethics Considerações acerca da teoria dos modos na ética de Spinoza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Angelo da Rocha Fragoso

    2001-11-01

    Full Text Available The particular difficulty of the Spinozist theory of the modes. The definition of modes according to definition V, book I of the “Ethics”. The characterization of the modes as ontological dependents of the substance with no autonomy. The theory of the modes as embracing all the things that can not exist or exist or be conceived without God. The definition of the immediate infinite modes as necessary resultants of God’s absolute nature or of the absolute nature of any of God’s attributes, without the concurrence of other circumstances. The definition of the mediate infinite modes as resultants of God’s attributes while affected by an immediate infinite mode. The definition of the finite modes as affections of God’s attributes or as the singular things that we perceive in time and space with empirical, finite and determined existence. The definition of the bodies as being only the particular determinations of the infinite attribute extension and the finite understandings are merely modes of the infinite attribute thought, that can not be identified with the absolutely infinite substance or God.A dificuldade particular da teoria spinozista dos modos. A definição de modos conforme a definição V do livro I da Ética. A caracterização dos modos como dependentes ontológicos da substância e sem autonomia. A teoria dos modos como abrangendo todas as coisas que não podem existir nem serem concebidas sem Deus. A definição dos modos infinitos imediatos como resultantes necessários da natureza absoluta de Deus ou da natureza absoluta de qualquer atributo de Deus, sem o concurso de outras circunstâncias. A definição dos modos infinitos mediatos como resultantes de qualquer atributo de Deus, enquanto é afetado por um modo infinito imediato. A definição dos modos finitos como afecções dos atributos de Deus ou como as coisas singulares que percebemos no tempo e no espaço com existência empírica, finita e determinada. A defini

  12. A teoria das restrições em um processo de fabricação da indústria na construção civil: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Machado Moita

    2009-12-01

    Full Text Available Este artigo descreve a elaboração de uma proposta de mudança para melhoria do processo produtivo, realizada com base nos pressupostos da Teoria das Restrições. Segundo esta teoria, uma restrição é qualquer elemento que afete negativamente um sistema, dificultando a obtenção de um melhor desempenho em relação a sua meta, mas que também pode ser explorado de forma que se obtenha uma melhoria de seus resultados. O trabalho foi realizado em uma indústria de lajes pré-fabricadas localizada na cidade de Manaus (AM, e se restringiu à fabricação de vigotas treliçadas, quando se constatou gargalo significativo na linha de produção observada e gasto indesejável com horas extras. Para o aprimoramento do processo produtivo, foram coletados e analisados dados e aplicados os fundamentos da Teoria das Restrições, com a quantificação dos efeitos positivos a serem obtidos com a efetivação das medidas propostas. O texto discorre ainda sobre a Teoria das Restrições em si e aponta de que forma a sua aplicação pode resultar em ganhos mensuráveis nos processos da construção civil e em outros campos.

  13. DIFUSÃO DO CONHECIMENTO SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA DE REDES: MAPEAMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA A PARTIR DE UMA BASE DE PERIÓDICOS DA FÍSICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Freitas Braga

    2014-08-01

    Full Text Available A busca pela inovação decorrente de demandas sociais é a base para o progresso socioeconômico e está estreitamente relacionada com a produtividade científica emergente de pesquisas associados a essas inovações. Nesse contexto, a difusão do conhecimento científico retrata os impactos e influências de ideias decorrentes dessa produtividade por meio de referências bibliográficas entre as publicações. Objetivando realizar uma discussão nesse tema, esta pesquisa realizou um estudo sobre a difusão do conhecimento científico à luz da teoria de redes sociais e complexas, a partir das redes de citações, considerando alguns temas do domínio da física. As informações constantes nas redes construídas para a pesquisa são originadas da base de dados da American Physical Society (APS, contendo Publicações do período de 1893 a 2009. Foram construídas redes sob três diferentes perspectivas: redes de citações, redes de coautoria e redes de instituições, de forma a permitir reflexões mais aprofundadas, principalmente no que concerne a identificar grupos de influências. Também é apresentado um modelo computacional que possibilitou a construção e gravação das redes citadas utilizando a fonte de dados disponível da APS. Os resultados obtidos da construção das redes possibilitaram o cálculo de estatísticas topológicas, permitindo a análise contextualizada da dinâmica das redes, a observação de influências científicas e visualização da distribuição geoespacial da ciência.

  14. Teoria do consumidor

    OpenAIRE

    Donário, Arlindo Alegre; Santos, Ricardo Borges dos

    2015-01-01

    A teoria microeconómica neoclássica baseia-se no modelo de equilíbrio determinístico, onde existe perfeito conhecimento e informação, por parte dos indivíduos, modelo que assume a estabilidade intrínseca do sistema económico e que, quando existe afastamento desse equilíbrio, os mecanismos internos do sistema levam o mesmo ao equilíbrio, embora na realidade esse equilíbrio e estabilidade não se verifiquem. O modelo da escolha racional,...

  15. O desenvolvimento da noção de simultaneidade em música: um estudo com crianças baseado na teoria de Piaget

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Caregnato

    2015-06-01

    Full Text Available A autora desta pesquisa teve como objetivos identificar quais são as etapas de desenvolvimento da compreensão da simultaneidade e da igualdade de durações em música, e identificar graças a quais estruturas cognitivas acontece esse desenvolvimento. O referencial teórico adotado para este estudo foi a obra de Piaget, e o que se realizou neste trabalho foi uma transposição dos conceitos desse autor para o campo da Cognição Musical. Nesta pesquisa foi realizado um estudo que se utilizou do método clínico piagetiano e envolveu um experimento que combinava a execução musical com a realização de entrevista semiestruturada. Os participantes desta pesquisa foram 16 crianças de 5 a 9 anos de idade. A análise dos dados coletados permitiu a observação de que o desenvolvimento da simultaneidade e da igualdade de durações em música ocorre do mesmo modo como apontado pela teoria piagetiana: em três etapas, durante as quais a criança parte do não reconhecimento de ambas, passa ao reconhecimento parcial ou gradual, até atingir, por fim, a compreensão completa desses dois aspectos temporais. Esse desenvolvimento ocorre graças à evolução do pensamento infantil e não propriamente graças a transformações na percepção.

  16. Uma teoria da justiça internacional: a superação da “guerra de todos contra todos” rumo à equidade perpétua

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando César Costa Xavier

    2012-05-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1677-2954.2009v8n3p143O projeto de uma Justiça Internacional, em seus variados modelos, aponta para a substituição, no cenário teórico das relações internacionais, do outrora infl uente realismo político pela promissora reformulação do projeto normativo do Kant de “À Paz Perpétua”. Embora o realismo tenha obtido certo êxito na leitura da configuração contemporânea da ordem internacional, sobretudo do pós-guerra, essa corrente teórica não logrou sustentar justificações racionalmente aceitáveis acerca de como se deveria contrapor, e enfim superar, o conjunto de contingências que tornam insegura e injusta a ordem global contemporânea. Diante disso, determinados autores julgam conveniente insistir na retomada do paradigma kantiano. Nessa esteira, o jusfi lósofo Peter Koller propõe o arrefecimento da soberania estatal, bem como da razão de Estado, em favor de uma teoria de justiça distributiva aplicável ao plano internacional. O presente texto acompanha a essência do pensamento de Koller, mas acrescenta que é indispensável que uma teoria da justiça internacional assuma irrestritamente os postulados da tradição deontológica kantiana. E, com a mesma convicção, ressalta o papel dialógico e emancipatório que a chamada “sociedade civil global” pode desempenhar na ordem internacional do séc. XXI.

  17. Afetividade no processo de ensino-aprendizagem: as contribuições da teoria walloniana = Affection in the teaching-learning process: the contributions of Wallon’ theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tassoni, Elvira Cristina Martins

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é discutir a afetividade nos processos de ensino-aprendizagem, baseando-se na perspectiva walloniana. Apresenta parte dos resultados de uma pesquisa realizada em uma escola privada, de uma cidade do interior de São Paulo. Situações de sala de aula foram videogravadas e utilizou-se o procedimento da autoscopia, que consiste em possibilitar aos alunos a observação do material filmado e gravar, em áudio, os seus comentários sobre as experiências vividas. Os resultados apontam de que forma os acontecimentos da sala de aula, de maneira especial as ações dos professores nas situações de ensino, afetam a aprendizagem dos alunos e a sua relação com os objetos de conhecimento. Os dados demonstraram que as formas de representação da afetividade transformam-se, ao longo do desenvolvimento humano, manifestando-se e nutrindo-se por vias mais refinadas e complexas, conforme sugere a teoria de desenvolvimento de Henri Wallon

  18. Teoria da aprendizagem significativa: elaboração e avaliação de aula virtual na plataforma Moodle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Prado

    2011-12-01

    Full Text Available Esse estudo teve por objetivo elaborar e avaliar uma aula virtual sobre a Teoria da Aprendizagem Significativa para licenciandos em enfermagem. Trata-se de pesquisa aplicada, de produção tecnológica, desenvolvida em cinco fases: concepção e planejamento; desenvolvimento do conteúdo e designer instrucional; criação do material educacional, implantação no portal de aprendizagem Moodle (Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment e avaliação por juízes. A aula foi elaborada e, após avaliação, foi aprovada pelos juízes mediante ajustes e passará a integrar a disciplina Metodologia do Ensino de Enfermagem I do Curso de Licenciatura da Escola de Enfermagem da USP. Acreditamos que a proposta deste estudo privilegia a formação do licenciando e, portanto, do futuro docente de enfermagem, de forma crítica e reflexiva, tendo como um dos componentes de seu perfil a perspectiva de buscar e utilizar novos conhecimentos para o desenvolvimento de sua prática profissional.

  19. A negação: teoria da checagem e mudança lingüística Negation: checking theory and linguistic change

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorenzo VITRAL

    1999-02-01

    Full Text Available Esse artigo analisa o fenômeno da concordância negativa de acordo com a teoria da checagem do Programa Minimalista (Chomsky, 1995. Comparando os dados do português brasileiro com os de outras línguas, fomos levados a considerar fatos de natureza diacrônica que foram descritos através da noção de gramaticalização (Hopper & Traugott, 1993. Finalmente, fizemos a hipótese de que as etapas de mudança lingüística previstas por essa noção são "visíveis" para o sistema computacional.This paper proposes an analysis of the negative agreement phenomenon assuming the checking theory of the Minimalist Program (Chomsky, 1995. After comparing Brazilian Portuguese with other languages, it was necessary to consider some diachronic facts described through the notion of grammaticalization (Hopper & Traugott, 1993. Finally, we claim that the stages of linguistic change presupposed by this notion are "visible" to the computational system.

  20. Aulas investigativas e a construção de conceitos de matemática: um estudo a partir da teoria de Piaget

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Silva de Bona

    2015-08-01

    Full Text Available O estudo é uma pesquisa qualitativa e colaborativa que tem o objetivo de compreender o processo de construção dos conceitos de Matemática dos estudantes por meio de atividades de investigação, pois pesquisas apontam que essas atividades mobilizam os estudantes a aprender de acordo com sua idade e amadurecimento. A fundamentação teórica foi a teoria de Piaget no que tange aos conceitos de equilibração e abstração reflexionante. O método constituiu-se da observação das aulas e atividades investigativas e das resoluções destas, realizadas em conjunto por seis estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal de Porto Alegre, em 2013. Os dados foram organizados em categorias relativas à interpretação, à resolução e à argumentação, articulando os elementos do cenário investigativo com o Método Clínico de Piaget. Destaca-se como resultado da pesquisa a compreensão da forma como os estudantes constroem o conceito de múltiplos e divisores de um número natural nessas aulas.

  1. Avaliação dos Riscos do Pregão Eletrônico: uma abordagem pela Teoria da Nova Economia Institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evandro Rodrigues de Faria

    2013-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p211A pesquisa investigou os fatores de riscos potencializados pela utilização do pregão eletrônico. Como fundamentação teórica foram utilizados os princípios da Teoria dos Custos de Transação (ECT. Foi realizada pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem quantitativa, com o objetivo de classificar as empresas fornecedoras da União de acordo com o grau de risco apresentado aos contratos de fornecimento. Foram elaborados constructos de acordo com os princípios da ECT sendo validados pelo Alfa de Cronbach. Posteriormente foram realizadas análises fatoriais e de cluster. Através das análises realizadas foi possível classificar os fornecedores em três grupos: alto risco, baixo risco e risco moderado. Através dos resultados, conclui-se que os Órgãos Públicos devem criar salvaguardas contra atitudes oportunistas. Por isso é importante a especificação correta dos produtos para não dar margem para a cotação de produtos de qualidade inferior, e também que sejam aplicadas, aos fornecedores oportunistas, as sanções previstas na lei.

  2. A Teoria da Resposta ao Item: possíveis contribuições aos estudos em marketing The Item Response Theory: possible contributions to marketing studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Ramos de Miranda Pereira

    2011-01-01

    Full Text Available A constatação da ampla utilização de escalas multidimensionais por parte dos pesquisadores da área de marketing motivou a elaboração de um artigo com o propósito de discutir a aplicação da Teoria da Resposta ao Item (TRI, bem como apresentar a essa área um método que tem se mostrado bastante eficaz na estimação de construtos comportamentais. Sendo assim, o artigo apresenta uma discussão sobre a TRI, ressaltando seus avanços em relação à Teoria Clássica do Teste (TCT e suas aplicações tradicionais no campo da psicometria e da avaliação educacional. Para verificar sua aplicabilidade nos estudos de marketing, julgou-se adequado conduzir uma aplicação prática da TRI em um estudo envolvendo uma escala já bastante utilizada pelos pesquisadores - a de orientação de mercado (Escala MkTor proposta por Narver e Slater (1990. Os resultados da aplicação demonstraram que, embora o modelo da TRI proposto possa ser considerado satisfatório para a aplicação no contexto da Orientação para o Mercado, existem muitos desafios a serem enfrentados por novos estudos como a construção de uma escala com interpretação prática, indicando o que significa para uma empresa possuir um nível de maturidade associado a um determinado construto. As considerações finais ressaltam que a grande contribuição do artigo aos estudos em marketing é a apresentação de um método alternativo para estimar de forma mais apurada os construtos e avaliar a qualidade dos itens das escalas.The widespread utilization of multidimensional scales by researchers in field of marketing have motivated the conduction of a study to discuss the application of the Item Response Theory (IRT as well as presenting a method that has proved very effective in the estimation of behavioral constructs. Therefore, this article presents a discussion about IRT highlighting its advances regarding the Classical Theory of Tests (CTT and its traditional applications in the

  3. Fundamentos epistemológicos para uma teoria da justiça internacional ambiental : uma análise a partir do conflito entre comércio e meio ambiente

    OpenAIRE

    Ricardo Libel Waldman

    2008-01-01

    A presente tese visa discutir os fundamentos epistemológicos necessários para uma teoria da Justiça do Direito Internacional Ambiental que possa orientar a ação humana diante da atual crise. A realização desse objetivo passa pela definição do método utilizado, o dialético, no sentido aristotélico. Tal método consiste na solução de um problema pelo diálogo entre teorias que se apresentam com alternativas para tanto. O problema que se põe objetivo da tese, é se é possível encontrar a orientação...

  4. AS TEORIAS DA CRIAÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL E O PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NA TERAPIA COMUNITÁRIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eneida Regina Fabian Holzmann

    2014-06-01

    Full Text Available Estudo exploratório e bibliográfico sobre conceitos referentes ao processo de construção do conhecimento. Analisa as teorias da criação do conhecimento organizacional de Nonaka e Takeuchi (1997 e Choo (2006 com a metodologia da terapia comunitária, criada por Barreto (2005, prática popular de terapia em grupo que abraça a diversidade cultural e fundamenta-se na valorização do saber popular, do conhecimento tácito para a busca de soluções em saúde mental. Parte do princípio de que a própria sociedade está sendo chamada de “sociedade do conhecimento”, na qual a conversão da informação em conhecimento constitui a principal riqueza. Com base em estudo bibliográfico, analisa os processos para conversão do conhecimento por meio do compartilhamento e socialização da experiência, procurando aproximações entre os processos observados nas organizações e nas comunidades formadas a partir dos grupos de terapia comunitária. Utiliza, entre outras bases teóricas, o pensamento de Edgar Morin (2011, Fritjof Capra (2006, Humberto Maturana e Francisco Varela (2001, autores de visão sistêmica, para investigar a relação entre o processo de criação do conhecimento organizacional, individual e coletivo, e a terapia comunitária, considerada pela análise aqui apresentada como metodologia facilitadora da produção do conhecimento, com possibilidade de gerar inovação na área de saúde mental.

  5. A ironia na teoria do romance: da exigência normativo-composicional do romance em Goethe ao viver a arte em Novalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Vieira da Silva Filho

    2012-08-01

    Full Text Available O presente artigo busca explicitar o conceito de ironia na Teoria do romance. A explicitação do conceito de ironia se desdobrará num desenvolvimento duplo: como exigência normativo-composicional e como radicalização subjetiva que excede a normatividade. No primeiro sentido, a ironia configura subjetivamente uma totalidade na obra épica, partindo da sua fragmentação objetiva nas relações sociais modernas. Nessa acepção, a ironia se apresenta como uma manobra subjetiva a serviço da normatividade épica do romance, pois sua finalidade é harmonizar o ideal subjetivo com a objetividade histórica burguesa. Seu paradigma é representado, neste artigo, por Goethe. O outro sentido pelo qual a ironia romântica aparece é demarcado pela forma extremada da subjetividade. Esta, reconhecendo uma impossibilidade de realização de seu ideal harmônico na modernidade, porque o mundo moderno se lhe apresenta como uma efetividade oposta aos anseios subjetivos, refugia-se na própria interioridade e se distancia do mundo presente, buscando refúgio em tempos e lugares mais propícios à realização poética. Novalis é o modelo dessa ironia radicalizada. Essa forma irônica, ao contrário da "cadência irônica" de Goethe, aniquila a forma romance, uma vez que o aspecto subjetivo da pura reflexão, a lírica, se sobrepõe à objetividade histórica presente que o romance também necessariamente deve encerrar.

  6. Modelagem da Distribuição da Saturação de Água do Solo em Terrenos Complexos Baseada na Teoria de Similaridade – Proposição de Abordagem Lagrangiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hugo Abi Karam

    2014-07-01

    Full Text Available Neste trabalho propõe-se uma modelagem lagrangiana da distribuição de saturação de água do solo de terrenos complexos baseada na teoria de similaridade, com destaque para aspectos hidrometeorológicos. A distribuição da água precipitada no terreno é obtida como uma consequência da conservação de massa do escoamento, considerada a similaridade hidrológica ao longo de faixas de drenagem, sob diferentes condições de inclinação topográfica, captação e infiltração. A aplicação desse tipo de modelo de distribuição hidrológica permite uma otimização computacional, tanto na estimativa do deficit de saturação do solo quanto na distribuição da profundidade do lençol freático. A aplicabilidade da proposição lagrangiana é exemplificada para um morro suave e também para discutir qualitativamente a hidrologia da Baixada Fluminense encontrada ao norte da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ, RJ, Brasil. Mostra-se que uma resolução espacial inferior a 90 m deve ser empregada para considerar os detalhes do problema. Os resultados destacaram o papel da topografia complexa, incluindo a hidrologia de planícies fluviais e as modificações antrópicas da superfície (na forma de canais de escoamento urbano e urbanização para a compreensão da hidrometeorologia da RMRJ.

  7. A prática espiritual de Jesus e o sentido da vida: o sentido da vida no cristianismo analisado a partir da teoria de VICTOR EMIL FRANKL

    OpenAIRE

    Tagliaferro, Edson Adélio

    2011-01-01

    A proposta deste nosso trabalho é fazer uma análise de um dos mais profundos questionamentos da humanidade que é a pergunta sobre o sentido da vida. Com respeito a esta questão, encontramos posições tanto contrárias como favoráveis à possibilidade de que a vida tenha um sentido e, desta forma, há pessoas que julgam não ser possível encontrá-lo, e há os que julgam que sem encontrá-lo caímos no vazio existencial, onde as neuroses são geradas. Entre estes encontrase Victor Emil Fr...

  8. Atenção Primária a Saúde voltada as necessidades dos idosos: da teoria à prática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Blaya Martins

    2014-08-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é estabelecer uma confrontação entre teoria e prática no que tange ao cuidado com a saúde de pessoas idosas. A teoria foi avaliada através de um estudo de documentos que compõem o arcabouço teórico-legal relacionado com a saúde do idoso e que gerou a construção de uma matriz com as seguintes categorias: Acesso Universal, Equidade, Integralidade e Qualidade do Cuidado. Já a prática foi avaliada por um estudo de base populacional realizado junto a 862 idosos e por um censo que avaliou unidades de atenção primária (APS, ambos em dois distritos sanitários de Porto Alegre (RS. As variáveis que avaliaram as categorias foram respectivamente: tipo de serviço acessado, atributo de primeiro contato, acessibilidade de cadeirantes; presença de acesso prioritário; atributo integralidade e presença de restos radiculares; escore essencial da APS, adequação das estruturas das unidades de APS e capacitação profissional e variáveis transversais: grupos de idosos e visita domiciliar. Verificou-se um descompasso entre o preconizado e o estabelecido em alguns aspectos e observaram-se avanços em relação à equidade e à qualidade do cuidado em relação à capacitação dos profissionais.

  9. O estilo motivacional do professor e a motivação intrínseca dos estudantes: uma perspectiva da Teoria da Autodeterminação Teacher's motivational style and students' intrinsic motivation: the self-determination perspective

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Édi Rufini Guimarães

    2004-01-01

    Full Text Available A Teoria da Autodeterminação foi proposta com o objetivo de compreender os componentes da motivação intrínseca e extrínseca e os fatores relacionados com a sua promoção. Nessa perspectiva, são abordadas a personalidade e a motivação humana, concentrando-se nas tendências evolutivas, nas necessidades psicológicas inatas e nas condições contextuais favoráveis à motivação, ao funcionamento social e ao bem estar pessoal. No contexto da pesquisa educacional, a motivação intrínseca tem sido relacionada ao envolvimento dos alunos com as tarefas de aprendizagem, pela preferência por desafios, persistência, esforço, uso de estratégias de aprendizagem, entre outros resultados positivos. Partindo da Teoria da Autodeterminação, este artigo tem como objetivos analisar os conceitos relativos à motivação intrínseca, postulados nessa teoria, refletir sobre o papel do professor, mas especificamente sobre seu estilo na promoção desse padrão motivacional no aluno, bem como discutir as implicações educacionais deste tema.The Self-determination Theory has the purpose of understanding the intrinsic and extrinsic components of motivation, and the factors that contribute for its promotion. In this perspective personality and human motivation are considered in terms of developmental tendencies, innate psychological needs and contextual variables which favour motivation, social functioning and personal well-being. In the context of educational research, intrinsic motivation has been characterized by students' involvement in learning tasks due to their preference for challenges, persistence, effort, as well as by their use of learning strategies. In line with that, the objectives of this paper are not only present and analyze the concepts related to intrinsic motivation according to the Self-determination Theory, but also reflect upon the teacher's role and style in the promotion of students' intrinsic motivation. Educational

  10. A teoria da história como hermenêutica da historiografia: uma interpretação de Do Império à República, de Sérgio Buarque de Holanda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arthur Assis

    2010-06-01

    Full Text Available O presente texto oferece uma interpretação de Do Império à República, o livro de Sérgio Buarque de Holanda que reconta a história política brasileira da segunda metade do século XIX. Baseando-se em conceitos desenvolvidos pelo teórico da história Jörn Rüsen, o artigo detém-se particularmente em três aspectos do referido livro: os artefatos teóricos que presidem a interpretação da crise da Monarquia brasileira, os padrões narrativos que dão suporte à constituição de sentido sobre essa experiência do passado, bem como o contexto atual de orientação que serviu de parâmetro de significado/sentido à interpretação e à representação. Esta análise pretende ilustrar que a teoria da história é não só um meio para explorar abstratamente as complexas questões ligadas à produção do conhecimento histórico, mas também uma ferramenta para a obtenção de imagens concretas acerca da prática intelectual dos historiadores profissionais.

  11. Liberalismo igualitário e ação afirmativa: da teoria moral à política pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Feres Júnior

    2013-12-01

    Full Text Available O presente artigo examina a hipótese de que a teoria política e moral do liberalismo igualitário serve de justificação para políticas de ação afirmativa de recorte étnico-racial, hipótese essa que tem sido assumida como verdadeira por acadêmicos e importantes operadores do direito em nosso país. Buscamos estabelecer como autores fundamentais do liberalismo igualitário, como John Rawls, Ronald Dworkin, Thomas Nagel e Robert Taylor, trataram a questão das políticas de discriminação positiva. O método usado é a interpretação textual, tomando cuidado de trabalhar o mais próximo possível da linguagem e dos conceitos nos próprios textos dos autores e cobrindo a evolução do tema na obra de cada um, particularmente na de Rawls. Pretendemos mostrar que há uma gradação de opiniões em relação à questão, que vai da defesa à rejeição de tais políticas, passando por posições intermediárias que justificam algumas modalidades de ação afirmativa, mas não outras. Portanto, não há uma relação unívoca entre a teoria política e moral do liberalismo igualitário e a justificação de políticas de ação afirmativa de recorte étnico-racial, a despeito do senso comum e do fato de teóricos do liberalismo igualitário e defensores da ação afirmativa partilharem o mesmo lugar no espectro político das democracias liberais.

  12. Algoritmo de um teste adaptativo informatizado com base na teoria da resposta ao item para a estimação da usabilidade de sites de e-commerce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando de Jesus Moreira Junior

    2013-09-01

    Full Text Available O presente artigo propõe um algoritmo de um teste adaptativo informatizado baseado na teoria da resposta ao item, desenvolvido para estimar o grau de usabilidade de sites de e-commerce. Cinco algoritmos baseados no critério da máxima informação foram desenvolvidos e testados via simulação. O algoritmo com o melhor desempenho foi aplicado nos dados reais de 361 sites de e-commerce. Os resultados mostraram que o algoritmo desenvolvido consegue obter uma boa estimativa para o grau de usabilidade de sites de e-commerce com a aplicação de 13 itens.

  13. Enfoques da teoria institucional nos modelos de avaliação institucional brasileiros Focus of the institutional theory on the Brazilian institutional evaluation models

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael Schlickmann

    2008-03-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo identificar quais enfoques da perspectiva institucional foram predominantes nos modelos de avaliação institucional propostos pelos governos às universidades brasileiras. Quanto à abordagem, podemos caracterizar o estudo como qualitativo; a verificação dos enfoques foi realizada tomando-se por base a revisão teórica acerca dos diferentes enfoques da teoria institucional, do histórico da avaliação institucional no Brasil, bem como a caracterização de cada modelo avaliativo proposto pelos governos, a partir da década de 1970. O estudo evidenciou que os modelos de avaliação institucional ao longo dos governos apresentaram diferentes enfoques institucionais, sendo que houve uma predominância dos enfoques regulador e normativo, embora o cognitivo seja o que permeia o atual sistema de avaliação institucional brasileiro.This article has the purpose of verifying which approaches of the institutional perspective were predominant in the models of institutional evaluation proposed by the governments to the Brazilian universities. This study can be characterized as qualitative, in which the focal points were verified through theoretical revision of the different aspects of the institutional theory, of the history of Brazilian institutional evaluation, as well as the characterization of each evaluative model proposed by the governments since the 1970s. The study made evident that the institutional evaluation models during different governments presented a different institutional focus, with the predominance of the regulatory and normative focuses, although the cognitive is the one that permeates Brazil's present institutional evaluation system.

  14. A empresa e seu ambiente de interação: os limites da Teoria dos Custos de Transação e o alcance da Teoria Institucionalista Evolucionária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano José Pereira

    2014-04-01

    Full Text Available Este artigo analisa o significado e a importância das empresas para o desempenho das economias sob a perspectiva de duas vertentes teóricas que apresentam diferentes concepções, ainda que parcialmente complementares: a Nova Economia Institucional (NEI eo Institucionalismo Evolucionário. Tais diferenças abrangem a compreensão do significado de "instituição" e a forma como se dão as relações dos indivíduos com as instituições e dessas entre si. Considerando a empresa como instituição e unidade de análise, a Teoria Institucionalista Evolucionária incorpora os conceitos de governança e de custos de transação à sua perspectiva analítica com ênfase em seus aspectos dinâmicos. Explicita-se, assim, o papel das empresas no desenvolvimento econômico em sua dupla condição: instituições e agentes de inovação.

  15. A tomada de decisão em recursos humanos com dados replicados e inconsistentes: uma aplicação da teoria dos conjuntos aproximativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayrton Benedito Gaia do Couto

    2010-12-01

    Full Text Available Este estudo trata da tomada de decisão com dados replicados e inconsistentes, relativos ao universo de Recursos Humanos, em uma instituição financeira nacional. A replicação ocorre por questões técnicas e/ou econômicas, e visa o atendimento de necessidades corporativas e departamentais dessa instituição. Como metodologia de pesquisa, utilizou-se a observação direta das inconsistências e a simulação com base em dados reais que refletissem a replicação com inconsistências. Os autores apresentam a aplicação de um método multicritério para tornar racional o processo de tomada de decisão, e que se transformou em elemento de motivação deste estudo. O método utilizado foi a Teoria dos Conjuntos Aproximativos (TCA. Um algoritmo foi desenvolvido para indicar as relações de equivalência, aproximações inferior e superior, região de fronteira, medida da exatidão, reduções e núcleo e, posteriormente, implementado em um software.

  16. Modelagem multicritério para seleção de intervalos de manutenção preventiva baseada na teoria da utilidade multiatributo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adiel Teixeira de Almeida

    2005-04-01

    Full Text Available O problema de seleção de intervalos ou periodicidade para manutenção preventiva foi analisado através de um modelo de decisão multicritério. Este modelo de decisão apóia decisores na escolha da melhor combinação das conseqüências custo e confiabilidade, analisando um contexto de sistema de produção de serviços. O modelo de decisão é baseado na Teoria da Utilidade Multiatributo (MAUT. O artigo apresenta os principais aspectos teóricos e os elementos básicos utilizados para construção do modelo. Uma aplicação numérica é apresentada para ilustrar o uso do modelo de decisão.The problem of interval selection for preventive maintenance has been analysed through a multicriteria decision model. This decision model supports decision makers in choosing the best combination of consequences cost and reliability, analysing a context of service production systems. The decision model is based on the multiattribute utility theory (MAUT. The paper presents the main theoretical and practical aspects related to model building. A numerical application is presented in order to illustrate the use of the decision model.

  17. As relações em eixo: novo paradigma da teoria das relações internacionais? The axis relations: a new paradigm of the international relations theory?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Patrício

    2006-12-01

    Full Text Available No presente artigo se propõe as "relações em eixo" como um novo conceito paradigmático da Teoria das Relações Internacionais. Paradigma que, alcançado através da análise das relações bilaterais franco-alemãs e argentino-brasileiras, de 1870 aos nossos dias, permite analisar a formação, a condução e a consolidação de processos regionais de integração que têm por objectivo ultrapassar o quadro estritamente economicista das formas elementares de integração.The present article proposes the axis-relations as a new paradigmatical concept of the International Relations Theory. A paradigm which was reached through the analysis of the franco-german and the argentino-brazilien bilateral relations from 1870 to the present. It allows us to analyse the creation, conduction and consolidation of regional integration processes which have, as main goal, to surpass the economical step of the most elementary forms of regional integration.

  18. SUMMARY OF BASIC PRINCIPLES OF ACOUSTIC THEORY = POLUIÇÃO SONORA: SÍNTESE DE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA TEORIA ACÚSTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Bressane

    2010-01-01

    Full Text Available Several studies are reported on noise pollution literature, with many different approaches. However, there are evident in such publications fundamentals of acoustic theory, aiming at a more appropriate characterization of sound phenomenon. This paper aims to provide an alternative source of consultation for those faced with the fragmented and too much information, sometimes an obstacle to understanding main physical aspects of noise pollution. This paper to present and discuss concepts concerning the sound properties, principles of sound propagation and related phenomena. = Inúmeros são os trabalhos reportados na literatura sobre poluição sonora, com as mais diversas ênfases e enfoques. Todavia, tais publicações não evidenciam os fundamentos da teoria acústica, visando uma caracterização mais apropriada do fenômeno sonoro. O presente trabalho tem por finalidade proporcionar uma fonte alternativa de consulta para aqueles que deparam com a fragmentada e demasiada quantidade de informações, por vezes obstáculo para compreensão física dos principais aspetos da poluição sonora. Aqui são discutidos e apresentados os principais conceitos relacionados às propriedades do som, princípios de propagação e fenômenos sonoros correlatos.

  19. A Aquisição Fonológica Variável da Nasal Velar por Aprendizes de Inglês-L2: Análise pela Teoria da Otimidade Estocástica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Athany Gutierres

    2016-06-01

    Full Text Available Este artigo apresenta uma análise formal da Interlíngua de aprendizes brasileiros (gaúchos de Inglês quanto à aquisição da nasal velar em coda silábica. A análise está associada ao algoritmo de aprendizagem da Teoria da Otimidade Estocástica, o GLA (Gradual Learning Algorithm (BOERSMA e HAYES, 2001, que considera a aquisição como o ordenamento hierárquico de restrições linguísticas, em que a variação é representada pela sobreposição de pontos de seleção das restrições numa escala contínua. O status da variação na L1 (Português e na L2 (Inglês é distinto, tem condicionamento fonético na primeira e fonológico na segunda. O ponto de partida da aquisição da L2 é o ranking da L1, de configuração M>>F. Na formalização proposta, uma restrição AGREE (M, que exige partilha de ponto de articulação na sequência vN_#, possui valor de ranqueamento próximo ao de uma restrição IDENT (F, que requer identidade quanto ao ponto da nasal no input e no output. O modelamento feito reitera o potencial do algoritmo no que diz respeito à formalização de sistemas variáveis de L2. Adquirir a nasal velar é promover Fidelidade em direção ao input, através do ajuste gradual das restrições.

  20. Aversão à teoria e indigência da prática: crítica a partir da filosofia de Adorno Aversion to theory and poverty of practice: criticism based on Adorno's philosophy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Loureiro

    2007-08-01

    Full Text Available Na educação, o pragmatismo tornou-se capilar e infiltra desde a formação docente até as definições do que e como ensinar. Buscamos evidenciar as contribuições de Adorno para o confronto dessa perspectiva filosófica. A vitalidade de suas análises está em se dirigir ao núcleo característico da tradição pragmática. Para ele, na sociedade administrada, a formação cultural se converte em semiformação. O espírito pragmático instaura a racionalidade do sempre-igual na relação sujeito e objeto, teoria e prática e alimenta o fenômeno da aversão à teoria. Configuram-se assim facetas da miséria da formação cultural contemporânea: a atrofia do pensar autônomo e a indigência da prática. Porém, o filósofo vê a possibilidade de um pensamento de resistência, que não abre mão de seu referente objetivo e da validade objetiva da verdade, opondo-se à ruína da razão. A experiência reflexiva criadora e criativa no/sobre o trabalho educativo não pode se desviar desse pensamento não eficaz.In education, pragmatism has become widely spread and it pervades everything from teacher training to the definitions of what and how to teach. We seek to highlight Adorno's contributions to face this philosophical trend. The vitality of his analyses rests in the fact he addresses the core of the pragmatic tradition. He denounced how, in the administered society, the cultural formation has become semi-formation. The pragmatic spirit establishes the same" rationality in the relationship between subject and object, theory and practice, and feeds the phenomenon of aversion to theory, characterised by the atrophy of the autonomous thinking and the poverty of practice. However Adorno sees the possibility of a resistance thinking that does not renounce to the objective referent and objective value of truth but is opposed to the collapse of reason. The reflexive experience in / on the educational work cannot depart from this thinking.

  1. Crítica do direito e teoria dos sistemas

    National Research Council Canada - National Science Library

    Möller, Kolja

    2015-01-01

    RESUMO O artigo centra-se em abordagens da teoria crítica do sistema em relação ao direito e à sociedade; mostra como elas modificam a estrutura da teoria ortodoxa dos sistemas e discute a forma...

  2. O Programa Bolsa Família: uma breve análise à luz da teoria dos direitos fundamentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Whenry Hawlysson Araújo Silveira

    2016-11-01

    Full Text Available A caracterização da pobreza e da extrema pobreza não deve estar relacionada apenas a carência econômica. Vincula-se a um feixe de direitos mínimos que devem ser garantidos em respeito à dignidade da pessoa humana. O mínimo existencial deve ser sempre garantido. A Constituição Brasileira elenca dentre os objetivos fundamentais da República a erradicação da pobreza. O Programa Bolsa Família surge como a principal política pública que persegue esse objetivo. São apresentados dados que mostram o resultado parcial do programa, especialmente em termos de renda, educação e saúde para garantia do mínimo existencial das camadas mais pobres.

  3. Estratégia como prática social e teoria da ação comunicativa: possíveis aproximações teóricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Zwick

    Full Text Available Este artigo visa a discutir as possíveis aproximações teóricas entre a estratégia como prática social (EPS e a teoria da ação comunicativa (TAC, instituída por Jürgen Habermas. Almejou-se construir um diálogo analítico, destacando as interfaces que podem ser estabelecidas entre esses construtos. Especificamente, buscou-se: (i descrever o arcabouço teórico da estratégia como prática social; (ii discutir os aspectos conceituais da teoria da ação comunicativa; e (iii apresentar as possíveis aproximações teóricas entre a estratégia como prática social e a teoria da ação comunicativa. Argumenta-se que a TAC tem elementos interessantes a contribuir com a estratégia como prática e que, por esse motivo, é necessário explorar as aproximações teóricas. Desse modo, este artigo contribui singularmente para associar o pensamento habermasiano às perspectivas teóricas da estratégia como prática social, especialmente em seus elementos razão e verdade, entendimento e consenso, que ensejam contribuições substanciais da racionalidade comunicativa para a estratégia como prática social.

  4. A noção de antagonismo na ciência política contemporânea: uma análise a partir da perspectiva da teoria do discurso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mendonça Daniel de

    2003-01-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo problematizar o emprego da noção filosófica de antagonismo no contexto da Ciência Política. O âmbito teórico-epistemológico é o da Teoria do Discurso, desenvolvida, sobretudo, por Ernesto Laclau e Chantal Mouffe, a partir da já clássica obra Hegemony and Socialist Strategy - Towards a Radical Democratic Politics, publicada em 1985. A noção de antagonismo tem sido empregada por vezes de maneira genérica e imprecisa por esses autores, caso se considere, rigorosamente, seu sentido filosófico. Afirma-se que não somente o antagonismo é responsável pela impossibilidade do fechamento completo dos sentidos de um discurso, mas que o próprio funcionamento auto-referencial de suas estruturas corrobora para uma constante "abertura" discursiva. Forma-se, conseqüentemente, o que se denominará de uma "dupla impossibilidade da constituição discursiva plena" - pela falta e pela abundância.

  5. A noção de antagonismo na ciência política contemporânea: uma análise a partir da perspectiva da teoria do discurso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel de Mendonça

    2003-06-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo problematizar o emprego da noção filosófica de antagonismo no contexto da Ciência Política. O âmbito teórico-epistemológico é o da Teoria do Discurso, desenvolvida, sobretudo, por Ernesto Laclau e Chantal Mouffe, a partir da já clássica obra Hegemony and Socialist Strategy - Towards a Radical Democratic Politics, publicada em 1985. A noção de antagonismo tem sido empregada por vezes de maneira genérica e imprecisa por esses autores, caso se considere, rigorosamente, seu sentido filosófico. Afirma-se que não somente o antagonismo é responsável pela impossibilidade do fechamento completo dos sentidos de um discurso, mas que o próprio funcionamento auto-referencial de suas estruturas corrobora para uma constante "abertura" discursiva. Forma-se, conseqüentemente, o que se denominará de uma "dupla impossibilidade da constituição discursiva plena" - pela falta e pela abundância.

  6. UM ESTUDO SOBRE A OBRA “FUNDAMENTOS DA POLÍTICA JURÍDICA” DE OSVALDO FERREIRA DE MELO, ATRAVÉS DOS ELEMENTOS DE PERCEPÇÃO JURÍDICA DATEORIA TRIDIMENSIONAL DO DIREITO” DE MIGUEL REALE

    OpenAIRE

    Lehmkuhl, Mílard Zhaf Alves

    2012-01-01

    O presente trabalho apresenta uma visão da obra “Fundamentos da Política Jurídica” de Osvaldo Ferreira de Melo a partir dos elementos de Percepção Jurídica, fato – valor – norma, colhidos da obra “Teoria Tridimensional do Direito” de Miguel Reale. O artigo se inicia com uma breve apresentação da obra “Fundamentos da Política Jurídica” e sobre os elementos de percepção jurídica daTeoria Tridimensional do Direito”. Partindo dessa contextualização e dessa tridimensionalidade como ferramenta de...

  7. Instrumentos para o processo de enfermagem do neonato pré-termo à luz da teoria de Dorothy Johnson

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Andrade Fialho

    2014-06-01

    Full Text Available Introdução: Apesar da comprovação das inúmeras vantagens do aleitamento materno e da melhora da situação do aleitamento materno entre as crianças brasileiras, o que se percebe é que a situação no país em relação à amamentação exclusiva ainda é preocupante. O percentual de crianças no primeiro semestre de vida, alimentadas somente com o leite materno, permanece muito aquém da recomendação do Fundo das Nações Unidas para a Infância, da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil. Acrescenta-se ainda que o aleitamento materno depende de fatores que podem influir positiva ou negativamente no seu sucesso, de modo que tais fatores refletem num desafio aos enfermeiros. Com o conhecimento dessa realidade pretende-se atingir os seguintes objetivos: conhecer a importância do enfermeiro no estabelecimento e manutenção do aleitamento materno e discutir os fatores que desencadeiam o desmame precoce. Materiais e Métodos: Para atender aos objetivos propostos elegeu-se a revisão bibliográfica. Resultados e Discussão: A análise dos dados resultou em três categorias temáticas: a prevalência do aleitamento materno no Brasil; os fatores que levam ao desmame precoce; e a promoção do aleitamento materno pelos profissionais de saúde, em especial o enfermeiro. Conclusões: Por fim pode-se dizer que além da vontade materna e da habilidade dos profissionais de saúde em promover o aleitamento materno, é preciso considerar que o sucesso da prática de amamentação depende também de políticas governamentais adequadas e do apoio e participação de toda sociedade.Palavras chave: Aleitamento Materno, Desmame, Enfermagem. (Fonte: DeCS BIREME.Cómo citar este artículo: Andrade Fialho F, Ávila Vargas Dias IM, Arreguy-Sena C, da Silva Alves M. Instrumentos para o processo de enfermagem do neonato pré-termo à luz da teoría de Dorothy Johnson. Rev Cuid. 2014; 5(1: 652-60.  

  8. O projeto interdisciplinar da teoria crítica: a história e a psicologia The interdisciplinary project of the critical theory: the history and the psychology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Soares dos Santos Batista

    2001-01-01

    Full Text Available Esse artigo discute a contribuição da Teoria crítica para a Psicologia e para a História e a importância delas na análise da sociedade e da dimensão subjetiva. À categorização a priori e à naturalização de problemas históricos, a Teoria crítica opõe a filosofia histórica como interpretação materialista da realidade. À redução do conceito de sujeito fundado em análises que levam em conta somente aspectos sociais e econômicos, especialmente T.W. Adorno aborda a relevância da psicanálise e o estudo da mediação da sociedade na subjetividadeThis paper discusses the contributions of critical theory to psychology and history and their importance in the analysis of society and of the subjective dimension. The critical theory contrasts the prior categorization and naturalization of the historical problems with the historical philosophy as a materialistic interpretation of reality. Regarding the reduction of the concept of subject found in analyses that take into account only social and economic aspects, especially T.W. Adorno tackles the relevance of psychoanalyses and the study of the social mediation in the subjectivity.

  9. A teoria da libido em Freud como uma hipótese especulativa Freud's theory of libido as a speculative hypothesis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leopoldo Fulgencio

    2002-06-01

    Full Text Available Comenta-se a distinção freudiana entre a sexualidade, como um fato observável, e a libido, como uma hipótese especulativa, mostrando que, para Freud, a suposição de uma energia específica para a pulsão sexual corresponde a um conceito que tem validade apenas instrumental - ou seja, heurística - não sendo uma referência empírica objetiva. Salienta-se que Freud não considera os conceitos desse tipo - especulativos - o fundamento da sua ciência, mas sim o cume substituível do edifício teórico da psicanálise. Esse tipo de interpretação da obra de Freud, que o integra na história da filosofia e da ciência alemãs, permite não só compreender a psicanálise como uma ciência numa perspectiva heurística, como também possibilita uma análise dos desenvolvimentos da psicanálise levando em conta a diferença entre dados empíricos e teóricos (especulativos, e explicando, assim, em que sentido a teoria psicanalítica é considerada por Freud como provisória e sempre aberta a revisões.This article comments on the Freudian distinction between sexuality, as an observable fact, and libido, as a speculative hypothesis, demonstrating that, for Freud, the supposition of a specific energy for sexual drive corresponds to a concept that has only instrumental - or heuristic - validity rather than an objective empirical reference. It is also pointed out that Freud does not consider the concepts of this type - speculative - to be the basis of his science, but the replaceable apogee of the theoretical edifice of psychoanalysis. This type of interpretation of Freud's work,, which integrates it in the history of German philosophy and science, permits not only the comprehension of psychoanalysis as a science from a heuristic perspective but also makes possible an analysis of the developments of psychoanalysis that takes into account the difference between empirical and theoretical (speculative data, explaining in what sense the psychoanalytical

  10. Teoria do caos e gestão da informação: uma integração na complexidade dos negócios e dos sistemas de informação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Henrique Cardoso

    Full Text Available É abordado o planejamento de sistemas de informação, em seu aspecto teórico, sob a ótica da Teoria do Caos e da Complexidade. Descreve as características dos sistemas físicos, a visão da ciência como sistema fechado e a visão da ciência como sistema aberto. Discute ainda a gestão da informação, tanto frente à complexidade dos sistemas de informação, quanto em suas correlações com o mundo dos negócios, enfatizando a necessidade do profissional da informação de estar apto para planejar o seu trabalho diante do cenário complexo dos negócios.

  11. Estudos pontuais sobre o conceito de método e teoria no paradigma da complexidade de Edgar Morin

    OpenAIRE

    Calloni, Humberto; Arrial, Luciana

    2010-01-01

    Este artigo é o resultado parcial da investigação acerca do entendimento da noção de método atribuída ao filósofo francês Edgar Morin, principalmente em sua obra O Método1: A natureza da Natureza. Com esse estudo inacabado pretendemos suscitar questões e acolher para o debate contribuições para o fiel entendimento do conceito de método proposto pelo filósofo em inúmeras obras, conferências, artigos e, naturalmente, no conjunto de O Método. Trata-se de perceber a noção de método como um concei...

  12. Constituição epidêmica: velho e novo nas teorias e práticas da epidemiologia

    OpenAIRE

    2001-01-01

    O artigo analisa a importância da idéia de constituição epidêmica, identificada pela presença recorrente do pensamento hipocrático na história da epidemiologia. Em termos gerais, constituição relaciona epidemias a circunstâncias geográfico-atmosféricas. O que se destaca é a concepção do fenômeno epidêmico como desequilíbrio da harmonia da natureza, como totalidade e ultrapassando a dimensão geográfica. Permanência de um pensamento hipocrático não significa a existência de uma continuidade. A ...

  13. A Contribuição da Teoria Institucional para a Compreensão do Modelo de Gestão Socialmente Responsável Adotado pelas Empresas Contemporâneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lilian Aligleri

    2010-10-01

    Full Text Available Vislumbra-se a necessidade de um novo agir organizacional, direcionado a um enfoque mais humano e ambientalmente correto. Logo, configura-se um campo em que diferentes teorias organizacionais podem ser estudadas em conjunto com o intuito de compreender a busca pelo comportamento socialmente responsável das organizações. Para tanto, este trabalho objetivou analisar como a teoria institucional explica o modelo de gestão socialmente responsável adotado pelas empresas contemporâneas. A partir das leituras e análises observou-se na teoria institucional um interessante ponto acadêmico possível de explicar uma gestão interessada em responsabilidade social através de termos como institucionalização, isomorfismo, instituições e legitimidade. A riqueza do arcabouço teórico e o tempo de aplicabilidade junto à ciência administrativa permite a teoria institucional explicar a responsabilidade social ao conferir identidade própria as organizações através de análises de culturas e valores confluentes na satisfação da sociedade. O estudo proposto discorre, portanto, sobre a necessidade imprescindível das organizações observarem, cada vez mais, maneiras competentes e transparentes de institucionalizar políticas socialmente responsáveis em seus ambientes interno e externo.

  14. Diferentes teorias marxistas de crise e diferentes interpretações da crise atual Different Marxist theories of crises and different interpretations of the current crisis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Paulo Cipolla

    2012-04-01

    Full Text Available Este artigo apresenta criticamente diferentes interpretações da crise atual. Orientaram a seleção das várias contribuições a representatividade das teorias marxistas clássicas de crise e a importância das novas abordagens correspondentes aos novos fenômenos em desenvolvimento no capitalismo atual. O exame crítico dessas contribuições revela uma linha divisória entre aqueles que concebem a crise como tendo sido causada pelo afluxo dos lucros da produção para as finanças (Husson e Foster /Magdoff e aqueles para os quais o aumento do crédito de consumo foi resultado de uma reestruturação dos fluxos de crédito das empresas, cada vez mais autônomas no mercado de dinheiro, às famílias assalariadas, cada vez mais dependentes do financiamento bancário. Essa linha divisória reflete a importância que o primeiro grupo adjudica à diminuição do ritmo de crescimento vis-à-vis os teóricos da School of Oriental and African Studies. A análise revela também que a atrofia da economia política leva a um abandono precoce da teoria bancária e financeira de Marx em favor dos instrumentos teóricos pós-keynesianos imediatamente disponíveis para o uso.This article is a critical survey of different interpretations of the 2007-2008 financial crises. They were chosen either because they represented classical Marxian views on crisis, such as the underconsumption or over-accumulation theories, or else because they were newly developed interpretations based on recent newly economic developments, as it is the case of the financial expropriation theory. The analysis reveals three main points of view. The first is that the cause of crisis is the stagnation of the economy and the ensuing transfer of profits from production to finance, process that caused the housing-financial bubble (Husson and Foster/Magdoff. The second view argues that it was the structural change in financial markets which led banks to increasingly rely on consumer credit

  15. Análise da teoria humanística e a relação interpessoal do enfermeiro no cuidado ao recém-nascido Análisis de la teoría humanística y de la relación interpersonal del enfermero en el cuidado al recién nacido Analysis of humanistic theory and interpersonal relations of nurses in newborn care

    OpenAIRE

    Karla Maria Carneiro Rolim; Lorita Marlena Freitag Pagliuca; Maria Vera Lúcia M. Leitão Cardoso

    2005-01-01

    As teorias são proposições elaboradas para avaliar a assistência de enfermagem, possibilitando às enfermeiras considerá-las e incorporá-las na prática profissional. O trabalho objetivou refletir, criticamente, sobre a utilidade na prática de conceitos da Teoria Humanística de Enfermagem, numa dissertação de mestrado. O estudo é descritivo-reflexivo, realizado em 2004, e utilizou o modelo de análise de teorias de Meleis. Desse modelo, foi recortado o segmento "crítica da teoria", com ênfase no...

  16. Que objetividade para a Ciência da História? : o índio brasileiro e a revolução francesa à luz da teoria da história, de Rüsen a Hayden White

    OpenAIRE

    Pereira, Ana Carolina Barbosa

    2007-01-01

    Este trabalho discute a viabilidade de um novo conceito de “objetividade” para a ciência da história, a partir da teoria da história de Jörn Rüsen. Para apresentar o conteúdo deste conceito partiu-se de uma contraposição de Rüsen a H. White, entendidos como dois dos maiores representantes do paradigma narrativista e, ao mesmo tempo, como detentores de duas teses mutuamente excludentes. Primeiramente (cap. 1) é apresentada a “origem” do debate narrativista na história. Em seguida (caps. 2 e 3)...

  17. Tradução / Translated version: O herói no tribunal da eternidade: a teoria jurídica do romance do Círculo de Bakhtin / The hero at the bar of eternity: the Bakhtin Circle’s juridical theory of the novel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Coelho Marchezan

    2012-06-01

    Full Text Available A obra do Círculo de Bakhtin possui fundamentações jurídicas que derivam da filosofia neokantiana. A obra de Hermann Cohen, Max Scheler e Georg Simmel são de especial importância. Um estudo dessa tradição intelectual leva ao exame de alguns dos trabalhos de Voloshinov, Bakhtin, Pumpianskii e Kagan, e ao destaque da centralidade da pessoa jurídica e das estruturas do julgamento na, agora famosa e influente, teoria bakhtiniana do romance. Tal teoria também possui implicações para teoria social mais ampla, conforme trabalhos recentes têm mostrado. Uma análise de suas fundamentações jurídicas é importante para o entendimento de sua natureza e para a avaliação de sua utilidade para a teoria contemporânea.

  18. Muito além de fractais, caleidoscópios ou conjuntos de Mandelbrot as teorias da informação e da comunicação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane da Conceição Pereira

    2011-01-01

    Full Text Available

    Este artigo constitui uma abordagem crítica sobre algumas contribuições epistemológicas de saberes diversos, em relação às teorias da informação e comunicação contemporâneas. Pretende abrir discussões e ressaltar o problema da constituição do complexo objeto informação e comunicação, além de oferecer inteligibilidade mais ampla quanto ao seu alcance e limites. É a tentativa de desviar os estudos nessa área para a afirmação de um conjunto de saberes em processo, a partir dos conceitos transdisciplinaridade e historicidade. Contudo, sem incorrer em um aglomerado de doxoi nem na utopia de uma ciência plenamente acabada, que apreenda o mundo como uma totalidade intricada, apenas de modo otimista ou pessimista. O trabalho é de continuar o processo com prudência, antes que apoiar visões caleidoscópicas ou mandelbrotianas sobre as ciências da informação e comunicação, afastadas da realidade latino-americana, sobretudo brasileira.

  19. Guido Mazzoni, Teoria del romanzo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Brogi

    2012-04-01

    Full Text Available «Nel rumore di tutti il tempo che si perde / per essere solo ciò che siamo adesso, / per diventare solo solitudine». I mondi, libro di poesia pubblicato da Guido Mazzoni nel 2010, si congeda con questi tre versi – tratti da Pure Morning – e con l’indicazione di una durata: 1997-2007. Sono dieci inverni, dunque: per scrivere I mondi; ma sono anche un tempo dentro un altro tempo: quello dei quindici anni (1995-2010 dedicati, come segnala la riga finale, a Teoria del romanzo. Sembra un gioco di date, ma è qualcosa di più, perché sotto sotto vale come invito a riconoscere la skyline – la stessa a cui appartiene anche Sulla poesia moderna (2005. In più, questa linea di orizzonte orienta Teoria del romanzo su due punti di tensione semantica e filosofica: “tempo” e “solitudine”.

  20. Liberdade, propriedade, Estado e governo: elementos da teoria política de John Locke no 'Segundo Tratado sobre o Governo'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Kritsch

    2010-12-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é introduzir os alunos no pensamento político de John Locke, a partir da teoria política por ele desenvolvida no Segundo Tratado sobre o Governo, obra que marcaria fortemente o pensamento constitucional produzido na era moderna ao longo das lutas contra os absolutismos em território europeu. Partindo de noções básicas do pensamento lockiano, entre as quais destacam-se as de lei e direito natural, estado de natureza e estado de guerra, mostra-se a fundamentação oferecida pelo autor à idéia de propriedade como um direito natural (à vida, à liberdade e aos bens fundado no trabalho livre. A invenção da moeda pelos seres humanos teria sido, segundo o autor, o passo decisivo para a introdução da desigualdade econômica entre os homens, e exigiu a criação de um poder artificial capaz de manter a todos em paz e segurança. Diferente de Hobbes, no entanto, para Locke, o povo é sempre soberano e só transfere alguns de seus direitos de natureza em confiança ao poder legislativo, o poder supremo entre os poderes do Estado, embora ao executivo caiba o exercício da prerrogativa. Por fim, discute-se a distinção entre dissolução do governo e dissolução da comunidade política, uma diferenciação que chegaria até nos e faria escola no pensamento político.

  1. Teoria da informação e concepção poética em Salette Tavares

    OpenAIRE

    Torres, Rui; Santos e Silva, Débora Cristina

    2010-01-01

    Um dos contributos mais significativos do experimentalismo literário português do século XX foi a atitude auto-reflexiva do fazer poético. Na esteira de outros precursores, muitos poetas se ocuparam de traçar as bases teóricas das suas concepções estéticas. é este o caso de Salette Tavares, cuja actividade intelectual, intensa e dinâmica, premiou o acervo da literatura experimental portuguesa com textos teóricos relevantes. Neste artigo, apresentamos as considerações da autora a r...

  2. Para uma teoria etnográfica da distinção natureza e cultura na cosmologia juruna

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Tânia Stolze

    1999-01-01

    Full Text Available Considerando-se que noções como antropocentrismo e animismo são inapropriadas para dar conta da relação entre humanos e animais nos sistemas sociocosmológicos indígenas, este artigo confronta a visão antropológica da distinção natureza e cultura com materiais etnográficos provenientes de uma sociedade tupi, os Juruna. Procura-se mostrar como os Juruna discordariam de antropólogos e que entre eles essa distinção vigora em um regime contra-hierárquico e perspectivista.

  3. Por uma teoria da publicização: transformações no processo publicitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Casaqui

    2011-12-01

    Full Text Available Este artigo tem como enfoque a análise das transformações do processo publicitário, influenciado pelo cenário atual, em que se combinam novas tecnicidades, socialidades, ritualidades e institucionalidades — configuradas em pontos de encontro entre consumidores, produtores, mercadorias e fluxos de comunicação. A estrutura de nossa reflexão tem como base o mapa das mediações proposto por Martín-Barbero: partimos da discussão sobre as matrizes culturais da publicidade para chegar às questões dos contratos comunicacionais atualizados pelas formas contemporâneas da comunicação vinculada ao consumo. Esse percurso teórico objetiva delimitar os focos de interesse dos estudos da publicização — conceito que abrange as mutações das estratégias que envolvem a comunicação persuasiva de corporações, marcas e mercadorias.

  4. Teoria del Big Bang e buchi neri

    CERN Document Server

    Wald, Robert M

    1980-01-01

    Un giovane fisico americano delinea con chiarezza in questo volume le attuali concezioni dello spazio, del tempo e della gravitazione, cosi come si sono andate delineando dopo e innovazioni teoriche aperte da Einstein. Esse investono problemi affascinanti, come la teoria del big bang, da cui avrebbe avuto origine l'universo, e l'enigma dei buchi neri.

  5. Confiança interpessoal e comportamento político: microfundamentos da teoria do capital social na América Latina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucio R. Rennó

    2001-01-01

    Full Text Available Apesar do debate sobre os vetores da relação entre confiança interpessoal e democracia, está claro que a confiança interpessoal é a variável central no estudo da cultura política e do capital social. Este artigo examina alguns dos pressupostos básicos das teorias da cultura política e do capital social sobre confiança interpessoal, utilizando dados de pesquisas na América Latina. Em primeiro lugar, analisa quais são os tipos de comportamento político mais fortemente afetados pela confiança interpessoal e em que países essa confiança se correlaciona com mais freqüência com outras medidas de comportamento político que se espera teoricamente que se correlacionem com ela. Em segundo lugar, avalia quais são as variáveis que estimulam a existência da confiança interpessoal naqueles países em que a confiança não exerce uma influência significativa em outras formas de comportamento político. Portanto, a questão que este artigo enfrenta é se a confiança inter-pessoal é importante como elemento definidor do comportamento político, e onde ela é, por que alguns indivíduos mostram níveis mais altos de confiança interpessoal do que outros.Despite the debate about the vectors of the relation between interpersonal trust and democracy, it is clear that interpersonal trust is a central variable in the study of political culture and social capital. This article tests some of the basic assumptions of political culture and social capital debates about interpersonal trust using survey data from Latin America. First it analyzes what are the kinds of political behavior that are more strongly affected by interpersonal trust and in what countries does interpersonal trust correlate with more often with other measures of political behavior that it is theoretically expected to relate with. Second, the article evaluates what are the variables that stimulate the existence of interpersonal trust in those countries where trust does play a

  6. Conselhos gestores de políticas públicas sob o enfoque da teoria das organizações: aproximações teórico-conceituais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Gabriela Gandra Pimenta Magalhães

    2016-01-01

    Full Text Available Este estudo realiza aproximações teórico-conceituais entre teoria organizacional e conselhos, propondo um aprofundamento das diferentes perspectivas do objeto. São apresentadas interfaces entre o objeto e teoria, seguida das aproximações entre os mesmos e as temáticas da teoria das organizações. Busca demonstrar pelos pontos de interseção apresentados, a contribuição dos estudos organizacionais para o entendimento desse objeto. Concluiu-se que as diferentes perspectivas apresentadas são complementares, indicando que os conselhos, instâncias permeadas por conflitos de poder e questões culturais, constituem-se nova forma organizacional que é implementada via redes de parcerias entre sociedade e Estado. Infere-se também que a institucionalização dos conselhos abarca de um novo momento e forma de gestão pública, desenvolvida sob a lógica da ação racional substantiva e paradigma humanista.

  7. Os princípios da teoria das necessidades humanas básicas e sua aplicabilidade para o paciente com indicação de transplante de córnea

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorita Marlene Freitag Pagliuca

    1993-03-01

    Full Text Available A Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Wanda Aguiar Horta propõe cinco princípios. Os testes para comprovação da aplicabilidade de teorias devem compreender estudos que experimentem a base conceituai com diferentes clientelas. Selecionou-se como tal, pacientes com indicação de transplante de córnea, em que se identificaram como necessidades básicas afetadas as de vida gregária, segurança, aprendizagem, recreação e lazer, auto-imagem, auto-realização, filosofia de vida e sexualidade. A intervenção de enfermagem proposta foi analisada à luz dos princípios da teoria, centralizando-se no de que "todo cuidado de enfermagem é preventivo, curativo e de reabilitação" demonstrando, ainda, que os princípios guardam estreita relação entre si.

  8. Espelho da alma: teoria social e subjetivação em um conto de Machado de Assis Mirror of the soul: subjectivity and social theory in a short history by Machado de Assis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Sabino

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é delinear de forma breve as interseções teóricas existentes no conto "O espelho. Um esboço de uma nova teoria da alma humana", de Machado de Assis, e parte da tradição da teoria social que sugere uma síntese sociológica entre ação e estrutura relacionada ao aspecto da construção da identidade e subjetivação, reprodução e mudança social.This paper aims to present a brief outline of the theoretical intersections in the short history "The looking glass. Rough draft of a new theory of the human soul", by Machado de Assis. It departs from the tradiction of social theory that suggests a sociological syntheses between action and strutcture that is closely linked to the issue of one's construction of identity and subjectivaction, their reproduction and social transformation.

  9. Plano de Cuidados Compartilhado: convergência da proposta educativa problematizadora com a teoria do cuidado cultural de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Alvarenga de Figueiredo Martins

    2012-04-01

    Full Text Available O presente artigo é uma reflexão que assinala uma mudança de perspectiva na relação de cuidado entre a enfermeira e o cliente, no âmbito da implementação do processo educativo. Emerge um Plano de Cuidados Compartilhado como uma proposta educativa-cuidativa, na convergência entre os teóricos Paulo Freire e Leininger, no que tange à pedagogia problematizadora e ao cuidado cultural de enfermagem. No que se refere aos elementos considerados essenciais ao cuidado, a aprendizagem conjunta permite o desvelamento de uma realidade peculiar e a inserção de possibilidades para a transformação, por opção do sujeito, da realidade concreta revelada. A autonomia planejada se torna real, fazendo com que os clientes não mais exerçam práticas fragmentadas, decorrentes da pedagogia tradicional. O cliente autônomo alcança, pois, a plenitude das ações.

  10. Contribuições da teoria sócio-histórica para o ensino e a aprendizagem em física de estudantes da primeira série do ensino médio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Odifax Quaresma Pureza

    2008-06-01

    Full Text Available O presente estudo buscou compreender a forma pela qual estudantes de série inicial do ensino médio constroem o conceito de energia mecânica e suas formas, na ótica da Teoria Sócio-Histórica, desenvolvida pelo russo Lev Semenovich Vygotsky, colaboradores e seguidores. Valemo-nos, para esta análise, da abordagem metodológica denominada de análise microgenética, mas precisamente das categorias propostas por Mortimer e Scott (2002. Foi analisado um episódio de ensino decorrente da interação entre o professor e um grupo de três estudantes, através do qual procurou-se evidenciar as intenções do professor, o conteúdo do discurso, a abordagem comunicativa, os padrões de interação e as formas de intervenções do professor.

  11. Uma observação sobre o lugar da teoria da ligação e do critério temático dentro do programa minimalista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FERREIRA Marcelo Barra

    2000-01-01

    Full Text Available Neste artigo, apresento evidências que levam à conclusão de que o lugar da Teoria da Ligação (TL no Programa Minimalista (Chomsky 1993; 1995 é depois de FL (Forma Lógica. Mostro que derivações conduzindo a estruturas que contêm violações dos princípios da TL convergem em FL, já que derivações alternativas menos econômicas que respeitam tais princípios também são agramaticais. Sendo irrelevante para a noção de convergência, a TL tem de se aplicar depois de FL. Um raciocínio semelhante revela que o Critério Temático tem o estatuto de um condição de interface se aplicando em FL, uma vez que derivações menos econômicas são permitidas pelo sistema computacional para evitar violações relacionadas a ele.

  12. TEORIA DO PORTFÓLIO: UM ESTUDO SOBRE OS FATORES QUE INFLUENCIAM A ESCOLHA DO PERFIL DE INVESTIMENTO DA FASERN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Damasceno

    2015-12-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo principal avaliar os fatores que influenciam a escolha do perfil de investimento dos participantes ativos da FASERN. Este estudo apresenta os fundamentos de risco e retorno, as preferências em relação ao risco, os perfis de risco e alguns dos seus desdobramentos. Esses conceitos devem ser conhecidos previamente para que deem suporte às decisões adequadas no momento de se fazer um investimento. A pesquisa pode ser considerada como descritivo-exploratória. Ela se propõe a descrever o comportamento da amostra quanto ao desempenho das variáveis, para tanto foi realizado um survey, por meio do uso de medidas de posição, como média, distribuições de frequência e gráficos e pelas análises de cluster e discriminante. Ao final da modelagem é possível identificar que apenas 4 variáveis foram significantes para discriminar os grupos ou explicá-los, são elas: área de atuação na empresa; formação acadêmica; grau de escolaridade e faixa etária que os avaliam em relação ao grau de conhecimento do mercado financeiro e a variável dependente “perfil de investimento”. Também, define a que grupo pertence cada participante de acordo com o seu perfil de risco (conservador, moderado e agressivo.

  13. Estabilidad de acuerdos comerciales internacionales en un escenario de daño ambiental: un enfoque de teoria de juegos

    OpenAIRE

    Jácome-Liévano, Flavio

    2009-01-01

    En este artículo se analiza la estabilidad de acuerdos comerciales internacionales cuando los países introducen en su función de bienestar social una función de daño ambiental, generado por emisiones contaminantes causantes del calentamiento global.Mediante un modelo que considera un mundo de tres países, se utilizan herramientas de la Teoría de Juegos no Cooperativos para determinar la estabilidad de diferentes estructuras de acuerdos comerciales. Los resultados del modelo muestran que cuand...

  14. Estabilidad de acuerdos comerciales internacionales en un escenario de daño ambiental: un enfoque de teoria de juegos

    OpenAIRE

    Jácome-Liévano, Flavio

    2009-01-01

    En este artículo se analiza la estabilidad de acuerdos comerciales internacionales cuando los países introducen en su función de bienestar social una función de daño ambiental, generado por emisiones contaminantes causantes del calentamiento global.Mediante un modelo que considera un mundo de tres países, se utilizan herramientas de la Teoría de Juegos no Cooperativos para determinar la estabilidad de diferentes estructuras de acuerdos comerciales. Los resultados del modelo muestran que cuand...

  15. Análise da apropriação do conceito de volume sob a perspectiva da teoria da atividade Analysis of the appropriation of the concept of volume by Activity Theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lúcia Gouvêa de Camargo Rodrigues

    2010-01-01

    Full Text Available De acordo com a Abordagem Histórico-Cultural e a Teoria da Atividade de Leontiev, apropriação de conceitos e desenvolvimento psíquico dos sujeitos são processos interligados. Com a intenção de compreendermos essa relação, desenvolvemos atividades orientadoras de ensino em uma 3ª série do Ensino Fundamental, trabalhando com o conceito de volume para investigar o processo de apropriação conceitual pelos alunos. Observamos que as ações das crianças são reveladoras do seu desenvolvimento psíquico, à medida que evidenciam a utilização dos conceitos geométricos como instrumentos orientadores na busca de soluções diante de situações desafiadoras. A apropriação se revela na mudança da relação do sujeito com o objeto, ou seja, quando ele deixa de agir por tentativa e erro ou repetição mecânica de procedimentos e age mediante reflexão e análise, o que exige mobilização de funções psíquicas superiores.According to the Historical and Cultural Approach and Leontiev's Activity Theory, the subjects' appropriation of concepts and psychic development are interlinked processes. Monitored learning activities on the concept of volume have been developed in a 3rd year primary school class to investigate the students' conceptual process. Children's activities revealed their psychic development as they used geometrical concepts such as monitoring instruments for the solution of challenging situations. Appropriation is revealed when there is a change in the relationship between subject and object, or rather, when the subject quits activities by trial and error or the mechanical repetition of procedures and acts according to reflection and analysis. The latter requires the mobilization of higher psychic functions.

  16. O primado do reconhecimento sobre a redistribuição: a origem dos conflitos sociais a partir da teoria de Axel Honneth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadia Lucia Fuhrmann

    2013-08-01

    Full Text Available O artigo tem por objetivo precípuo socializar o estudo empreendido na Teoria do Reconhecimento, do sociólogo e filósofo alemão Axel Honneth, em estágio pós-doutoral no Núcleo de Pesquisa "Violência e Cidadania", no Programa de Pós-graduação em Sociologia, da UFRGS, no período 2010-2011. A meta foi articular a pesquisa teórica sobre o "reconhecimento intersubjetivo e social" com uma investigação empírica qualitativa sobre as origens do fenômeno de rualização infanto-juvenil, no meio urbano. A hipótese preconizou o primado do reconhecimento negado a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, em detrimento de condições econômicas desfavoráveis, como causa da migração para a vida nas ruas e da ocorrência dos múltiplos conflitos sociais deflagrados por essa condição. A pesquisa de campo foi realizada em parceria com duas instituições assistenciais de Porto Alegre, que oferecem o Serviço de Apoio Socioeducativo (SASE, conveniadas com a prefeitura municipal. Os resultados corroboraram a hipótese de que as políticas públicas de distribuição de renda desarticuladas das práticas assistenciais e educativas não contribuem para arrefecer as conflitualidades urbanas. Nesse sentido, o Programa SASE, voltado ao atendimento de crianças e jovens das classes populares que vivenciam diuturnamente a desestruturação familiar, o abandono afetivo, moral, intelectual e o desprezo social, contribui para o fortalecimento das três dimensões do reconhecimento: o amor, o direito e a estima social, reintegrando o público alvo ao núcleo familiar e à sociedade.

  17. QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: Uma proposta de associação da Teoria Ator-Rede (TAR aos processos de APO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Rioja de Aragão Vargas

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo apresenta parte do desenvolvimento da pesquisa de Tese intitulada Traduções de um Lugar: Os Serviços destinados à Alimentação Fora do Lar, em andamento no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura – PROARQ/ FAU-UFRJ, e explora a possibilidade de ampliação do leque de ações a serem desenvolvidas para o embasamento prático-teórico do projeto visando a qualidade dos ambientes destinados à alimentação fora do lar. O estudo toma como base a assertiva de que a sensação de pertencimento no mundo globalizado não se dá mais somente na esfera do mundo vivido, regionalizado, onde o indivíduo cultiva a sua história e a dos seus, mas também se relativiza através de uma rede onde os meios de comunicação funcionam como instrumento para a sua confecção. O escopo metodológico para a pesquisa propõe associar as diretrizes da Teoria Ator-Rede (TAR aos processos de Avaliação Pós-Ocupação (APO, o que permitirá uma abordagem muito mais rica pela multiplicidade de elementos envolvidos na análise. Como resultado, procura evidenciar a necessidade de incorporação de métodos investigativos de campo ao processo de projeto e fomentar a ampliação de uma base de dados que beneficie e contribua para o aperfeiçoamento dos projetos de arquitetura destinados ao setor. A importância e a originalidade deste trabalho se concentram na análise das narrativas produzidas pelos diversos atores – humanos e não-humanos - participantes das relações desenvolvidas nestes lugares. Estas relações não estão restritas somente ao ato de alimentar-se, mas se desenrolam em um palco repleto de significantes expressivos da ação em rede do espaço/tempo vivido na atualidade.

  18. A teoria da aprendizagem experiencial como alicerce de estudos sobre desenvolvimento profissional The experiential learning theory as the basis for the research about professional development

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Pimentel

    2007-08-01

    Full Text Available A teoria da aprendizagem experiencial consiste em uma abordagem sobre o desenvolvimento do adulto, em especial, do profissional. Segundo seu fundador, o americano David Kolb, a profissionalidade é um percurso permanente de aprendizagem, desde que o indivíduo possa se apropriar de suas experiências de atuação profissional. São discutidos os princípios e conceitos básicos dessa perspectiva, fundamentados na relação entre determinados tipos de aprendizagem, denominados modalidades de aprendizagem, e o desenvolvimento dos processos afetivos, perceptivos, cognitivos e comportamentais, presentes ao longo do percurso profissional ou em situações específicas de aprendizagem, como é o caso de projetos de formação em serviço. A perspectiva holística e integrativa da aprendizagem experiencial se aproxima das tendências contemporâneas que destacam o papel do pensamento reflexivo para melhoria da qualificação profissional. Contudo, a acepção kolbiana segue um caminho próprio, original, com grande potencial de aplicação para estudos e propostas formativas no campo do desenvolvimento profissional.The theory of the experiential learning consists of a perspective about the development of the adult, in special, of the professional. According to its founder, the American David Kolb, the profissionality is a permanent process of learning, provided the individual can assume appropriate the experiences of professional performance. The principles and basic concepts of this approach are presented, based on the relation between certain types of learning and the development of the affectivity, perception, cognition and behavior belonging to the professional life track or in specific situations as it is the case of projects of formation in service. The holistic and integrative perspective of the experiential learning has some proximity with contemporary approaches which emphasize the role of the reflective thought for improvement of the

  19. Teoria da mente: uma revisão com enfoque na sua incorporação pela psicologia médica Theory of mind: a review with focus on its incorporation into medical psychology

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Caixeta

    2002-01-01

    Full Text Available Um constructo nascido da psicologia cognitiva e que se refere à capacidade de atribuir estados mentais para si mesmo e para os outros, denominado Teoria da Mente, tem sido exportado para outros campos do saber e tem sido mais recentemente incorporado pela psicologia médica com a pretensão de explicar determinadas alterações de comportamento que constituem o cerne de distúrbios como o Autismo Infantil, Esquizofrenia e Psicoses afins. Esta incorporação trouxe a necessidade de desenhar metodologias que possam mensurar e definir a Teoria da Mente em termos neurobiológicos. Nos objetivamos a descrever os mecanismos pelos quais a Teoria da Mente tem contribuído para o esclarecimento de alguns fenômenos mentais, bem como arrolar as dificuldades metodológicas associadas a tal empreedimento. Antes disto, uma revisão geral da Teoria da Mente é proporcionada enfocando os aspectos mais relevantes do constructo. Existem poucos trabalhos nesta área no Brasil, razão pela qual justificamos a reflexão conduzida.A concept derived from cognitive psychology which refers to the ability to impute mental states to the self and others, termed Theory of Mind, has been disseminated to others fields of knowledge and has been more recently incorporated by medical psychology with the intention of explaining behavior disturbances that constitute the core features of disorders such as Infantile Autism, Schizophrenia and related Psychosis. Such incorporation has given rise to the necessity of designing a methodological approach to measure and define Theory of Mind in neurobiological terms. The aim of this work is related to describe the mechanisms by which Theory of Mind has been contributed to the elucidation of some mental phenomena, as well as enroll the methodological difficulties related to this attitude. Before that, a review of the field of Theory of Mind is done, focusing on the more relevant aspects of this concept. There are a few articles in Brazil

  20. Caracterização das Pesquisas sobre Eficácia Coletiva Docente na Perspectiva da Teoria Social Cognitiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maély Ferreira Holanda Ramos

    Full Text Available RESUMO A eficácia coletiva de professores refere-se ao modo como os membros do corpo docente julgam as capacidades desse grupo para realizar as tarefas específicas de sua função. Este estudo objetivou revisar sistematicamente pesquisas sobre a eficácia coletiva docente, na perspectiva social cognitiva. Para tanto, foram realizadas buscas de artigos publicados entre 2010 a 2014, na base de dados da CAPES. O levantamento resultou em 12 artigos que contemplavam os critérios de inclusão pré-estabelecidos. Os resultados indicaram, por meio da análise dos objetivos dos artigos selecionados, que as variáveis mais utilizadas para estudar a eficácia coletiva foram: autoeficácia e satisfação no trabalho. Notou-se ainda que a maioria das pesquisas utilizou abordagem quantitativa, sendo necessário ampliar os estudos, aplicando técnicas qualitativas.

  1. Poder simbólico e campo jurídico: uma investigação sobre a produção da importância da teoria e metódica estruturantes de Friedrich Müller à luz da sociologia reflexiva de Pierre Bourdieu.

    OpenAIRE

    Silva, Danilo José Viana da

    2014-01-01

    Trata-se de uma dissertação que toma como objeto o trabalho sociossimbólico de produção da importância da Teoria e metódica estruturantes de Friedrich Müller à luz da sociologia de Pierre Bourdieu. À medida que a “importância” não é tomada como uma qualidade intrínseca a obra, mas como o resultado de uma complexa estrutura onde prestigiados juristas, editoras e instituições universitárias contribuem para a retirada da obra e do autor do rol da insignificância, as condições de pesquisa se torn...

  2. The analysis of irony through relevance theory in the big bang theory sitcom = A análise da ironia por meio da teoria da relevância na comédia de situação the big bang theory

    OpenAIRE

    2011-01-01

    Neste trabalho, será analisada a teoria da relevância proposta por Sperber e Wilson. Adicionalmente, a figura de linguagem ironia será descrita. Esse referencial teórico será utilizado para analisar um episódio da comédia de situação intitulado "The Big Bang Theory", em um esforço para demonstrar como enunciados são compreendidos entre os personagens e o público e como ironia é largamente utilizada como recurso humorístico

  3. The analysis of irony through relevance theory in the big bang theory sitcom = A análise da ironia por meio da teoria da relevância na comédia de situação the big bang theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Izaias, Karla Camila Oliveira

    2011-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, será analisada a teoria da relevância proposta por Sperber e Wilson. Adicionalmente, a figura de linguagem ironia será descrita. Esse referencial teórico será utilizado para analisar um episódio da comédia de situação intitulado "The Big Bang Theory", em um esforço para demonstrar como enunciados são compreendidos entre os personagens e o público e como ironia é largamente utilizada como recurso humorístico

  4. A teoria da percolação aplicada às galáxias aneladas peculiares

    Science.gov (United States)

    Poppe, P. C. R.; Martin, V. A. F.; de Medeiros, N. G. F.; Faúndez-Abans, M.; Oliveira-Abans, M.

    2003-08-01

    Formulado no final da década de 50, o modelo de percolação concentra-se em descrever o meio poroso, que será visto neste trabalho como uma rede de canais aleatórios, por onde escoa um fluido determinístico. Se o número de canais for suficientemente grande, então eles estarão ligados e o meio se tornará permeável à passagem do fluido. Neste caso, dizemos que houve a percolação do fluido. Reformulando o modelo acima, podemos escrever um código particularmente adaptado para simulações em Galáxias, onde iremos supor que os canais formam um reticulado, e que cada sítio da rede representa um poro que será interpretado como uma região ativa de formação estelar. Para cada elo teremos um pequeno canal ligando dois sítios vizinhos, que poderá, após um tempo "t", induzir ou não a formação de uma região ativa no poro vizinho. Para simular a passagem desta região ativa através dos poros, diremos que um elo está aberto com probabilidade p e fechado com probabilidade 1-p. Dessa forma, passamos a imaginar configurações de elos abertos e fechados, onde cada configuração ocorre com uma certa probabilidade, dada por p|A|(1-p)|F|, onde |A| é o número de elos abertos e |F| o número de elos fechados da configuração. A expressão anterior só tem importância física se |A| e |F| forem ambos finitos, pois, caso contrário, a probabilidade de ocorrência de uma dada configuração será sempre nula. Neste trabalho, foram considerados dados cinemáticos publicados na literatura bem como aqueles obtidos pelos autores a partir de observações fotométricas realizadas no Observatório de Las Campanãs, em 1994, para a Galáxia Anelada Peculiar HRG 03401. Mostraremos que para certos valores de p, situados entre 0,5 e 0,6, os clusters assim formados irão simular, de maneira coerente, o referido objeto.

  5. Relações de gênero, meio ambiente e a teoria da complexidade Gender, environment and the theory of complexity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Célia Di Ciommo

    2003-12-01

    Full Text Available O trabalho utiliza a teoria da complexidade para a análise das questões de gênero, mostrando que a sociedade as constrói em uma interação de informações entre natureza e cultura. O enraizamento bioantropológico e as características socioculturais comportam graus diversos de experiências, conhecimentos e sabedoria, em uma complexa organização em que as oposições não devem significar extinção e as diferenças não podem traduzir enfraquecimento ou superioridade. Dessa forma, podemos aplicar o conceito do "anel tetralógico" de Edgar Morin, que comporta desordem, organização, ordem e interação para a compreensão dos impasses entre seres masculinos e femininos, humanos e não-humanos, em direção a uma mudança paradigmática em nossas relações sociais e ambientais.We use the theory of complexity to analise gender questions, showing that those are built by society in an exchange of interactions between nature and culture. The bioanthropological rootsand and the sociocultural characteristics contain different experiences, knowledge and wisdom, in a complex organization in which oposition does notmean extinction, and difference does not imply hierarchy. We can apply Morin's "tetralogical ring" concept, which admits disorder, organization, order and interaction to the understanding of the impasse between masculine and feminine, humans and non-humans, towards a paradigmatic change in the social and environmental relations.

  6. Dificuldades de aprendizagem: reflexões a partir da teoria histórico-cultural / Learning difficulties: reflections based on culturalhistorical theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Adela Tonetto Costas

    2010-01-01

    Full Text Available Ao estudar as dificuldades de aprendizagem não se pode esquecer que o aluno é um sujeito sociocultural com uma história e valores específicos aos quais se deve estar atento e que a escola também é atravessada por uma história e uma cultura específica. A reflexão proposta parte da Teoria Histórico-Cultural, tendo em Vygotsky a principal referência, além de outros autores como Luria, Leontiev e Duarte. Ressaltamos que nossa análise das dificuldades de aprendizagem pressupõe a presença de fatores sociais e culturais, enfocando as dificuldades que são produzidas no processo de escolarização e não os problemas/dificuldades de aprendizagem em si. Ao final, não chegamos a uma conclusão, restam-nos questões que mantêm a reflexão aberta.Abstract When studying learning difficulties one must not forget that the pupil is a sociocultural subject with a history and specific values to which one must be attentive to and that school is also per passed by a history and a specific culture. The reflection proposed here is based on Cultural-Historical Theory, which has in Vygotsky its main reference, besides other authors such as Luria, Leontiev and Duarte. We highlight that our analysis of learning difficulties assume in advance the presence of social and cultural factors, focusing on the difficulties which are produced in the educational process, and not on learning problems/difficulties themselves. Finally, we could not reach a conclusion, but we left many questions to be answered that keep the reflection open.

  7. A 'teoria da práxis': retomando o referencial marxista para o enfrentamento do capitalismo no campo da saúde The 'theory of praxis: ' retrieving the marxist framework to confront capitalism in the health field

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Helena Simões Barbosa

    2010-06-01

    Full Text Available Este ensaio tem a intenção de recolocar o marxismo - como corpo epistemológico, teórico, metodológico e político voltado para a superação do capitalismo - na pauta do debate conceitual e político do campo da Saúde Coletiva. Discute o campo simbólico como campo de expressão de ideologias que sustentam o capitalismo e que utiliza, dentre outras estratégias, o silenciamento sobre o marxismo, e mesmo sobre o capitalismo, para esvaziar a crítica e o questionamento político. Relaciona estes mecanismos à saúde, identificando alguns campos onde o capitalismo opera nesta área. Apresenta alguns fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos da 'teoria da práxis', destacando a unidade indissolúvel entre teoria crítica e ação transformadora. Por fim, conclama os profissionais, pesquisadores e educadores do campo sanitário a se (reengajarem na luta contra o capitalismo, retomando a bandeira do socialismo, rumo à conquista do efetivo direito à saúde.This essay is intended to retrieve Marxism - as an epistemological, theoretical, methodological and political body aimed toward overcoming Capitalism - in the political and conceptual debate agenda in field of Collective Health. It discusses the symbolic field as a field for the expression of ideologies that underpin capitalism and which uses, among other strategies,the silencing of Marxism, and even of capitalism, to eliminate criticism and political questioning. It relates these mechanisms to health, identifying some fields in which capitalism operates in this area. It presents a few philosophical, theoretical and methodological foundations of the 'theory of praxis,' highlighting the indissoluble unity between critical theory and transformative action. Finally, it urges health care practitioners, researchers and educators to (reengage in the struggle against Capitalism, taking up the banner of Socialism aiming to achieve the actual right to health.

  8. A tese da veracidade na teoria da informação fortemente semântica de Floridi e o paradoxo de Bar-Hillel-Carnap = The veracity thesis in floridi’s theory of strongly semantic information and the Bar-Hillel-Carnap paradox

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alonso, Bernardo Gonçalves

    2012-01-01

    Full Text Available Neste artigo defendo que a Teoria da Informação Fortemente Semântica de Floridi (2004 – TIFS – está correta ao assumir a Tese da Veracidade, que por sua vez orienta a definição de informação semântica como “p é informação se e somente se p é constituído por dados bemformados, com significado e verdadeiros”. Argumento que a teoria não é arbitrária, pois dá conta do desembaraço de conundrums filosóficos importantes, principalmente por evitar o paradoxo de Bar-Hillel e Carnap (1953, que é gerado a partir da teoria clássica da informação semântica. Primeiro é discutido um dos principais resultados da teoria clássica, o de produzir “sentenças muito informativas para serem verdadeiras”. Depois são resumidas as motivações para a elaboração de uma “lógica de estar informado” e é mostrado como o sistema KTB-IL é montado e modelado mantendo-se entre os seus axiomas o da veracidade – K ou A4. Finalmente, a TIFS é examinada e defendida ao mostrar que ela restringe aleticamente a extensão do conceito clássico de informação para evitar problemas com tautologias e contradições. A TIFS oferece uma solução original ao capturar nossas intuições modais a respeito da informatividade como noção básica

  9. A importância das teorias éticas na prática da bioética The importance of ethical theories in the bioethics' practice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Maria Carneiro Leão

    2010-12-01

    Full Text Available A busca sem limites do conhecimento e a preocupação com o cometimento de abusos e exageros nascidos da curiosidade dividem a conduta do homem. A teoria ética nasce da necessidade de justificar racionalmente as condutas morais, diante da própria consciência e diante dos demais. Por ser a teoria um complexo integrado de princípios éticos, coerentes e fundamentais, o conhecimento das teorias éticas é essencial para reflexão, especialmente quando parece impossível cumprir todas as exigências de moralidade. A bioética, originalmente considerada fonte de normas e regras gerais para disciplinar eticamente a investigação científica, constitui-se uma espécie de código de ética profissional para os cientistas e pesquisadores, tornando-se um conjunto de reflexões filosóficas e morais sobre a vida em geral e sobre as práticas médicas em particular. Neste artigo, através de uma revisão da literatura, buscou-se descrever e discutir a importância das teorias éticas na prática da bioética.The knowledge search without limits and the concern of practicing abuses and exaggerations as a result of curiosity divide the human behavior. The ethical theory comes from the need for rational justification of moral actions, toward the own human conscience and other people. As the theory consists of an integrated complex of ethical, coherent and fundamental principles, the ethical theories knowledge is essential for the reflection, especially when is not possible to fulfill all moral requests. The bioethics, originally considered source of general norms and rules for disciplining ethically the scientific investigation, can be regard as a sort of professional ethical code to scientists and researchers, being a group of moral and philosophical reflection concerning life in general and medical practices in particular. In this article, by a literature review, it was aimed to describe and discuss the importance of ethical theories in the bioethics

  10. A Gestão Ambiental Como Fonte de Vantagem Competitiva Sustentável: Contribuições da Visão Baseada em Recursos e da Teoria Institucional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrick Michel Finazzi Santos

    2013-04-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n35p152 Este artigo de natureza teórica almeja discutir o papel da gestão ambiental na geração de vantagem competitiva a uma firma. Seu objetivo é verificar em que condições a gestão ambiental pode contribuir com a vantagem competitiva sustentável, segundo os arcabouços teóricos da Visão Baseada em Recursos (VBR e da Teoria Institucional (TI. Para tal, fundamentado no trabalho de Hart (1995, foram sugeridas três estratégias ambientais (Produtividade dos Recursos, Negócios Sustentáveis e Reputação Corporativa por meio das quais se deu o diálogo entre a gestão ambiental, a VBR e a TI. Verificou-se, por intermédio de sete proposições de pesquisas, que a VBR e a TI fornecem referências complementares para entender a relação entre gestão ambiental e vantagem competitiva. A vantagem competitiva, nos termos da VBR, é movida pela capacidade de a empresa em desenvolver e acumular recursos ecológicos valiosos, raros, imperfeitamente imitáveis, insubstituíveis e não-comercializáveis capazes de causar heterogeneidade em relação aos seus concorrentes. A TI evidenciou que as empresas possuem percepções distintas acerca das pressões sociais de natureza ecológicas, porém, reações em direção ao isomorfismo tendem a reduzir o potencial de geração de vantagem competitiva das estratégias ambientais.

  11. Valores em serviços de policiamento comunitário: o Programa Ronda do Quarteirão sob a ótica da teoria da cadeia de meios e fins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane Araújo Pinto

    2012-02-01

    Full Text Available O crescimento da violência, a preocupação mais intensa dos cidadãos pela busca da segurança e as estratégias gerenciais adotadas por organizações privadas contribuíram para que as organizações policiais adotassem um novo modelo de policiamento - "o policiamento comunitário", com foco na parceria entre a sociedade e a polícia para juntos melhorarem a sensação de bem-estar das pessoas. Este artigo tem como objetivo analisar, sob a ótica da teoria da cadeia de meios e fins, a estrutura de valores dos usuários dos serviços de policiamento comunitário: o Ronda do Quarteirão na cidade de Fortaleza (CE, tomando como base a identificação de atributos do serviço percebidos por estes usuários e das relações entre os atributos e suas consequências na utilização do serviço com os valores pessoais dos indivíduos. Utilizou-se a técnica de laddering que permite a construção do mapa hierárquico de valor, evidenciando os elementos que caracterizam o comportamento dos consumidores ao utilizarem tal serviço. Os resultados mostram a preocupação dos usuários dos seviços do Ronda do Quarteirão em atingir o bem-estar que poderá ser adquirido na realização dos valores: amar o que faz, amizade, cidadania, defender a pátria, felicidade, honestidade, satisfação, segurança e sentir-se útil à sociedade.

  12. Language and action in the cockpit: a view from the theory of distributed cognition = Linguagem e ação no cockpit: uma visão da teoria da cognição distribuida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida, Dilso Corrêa de

    2010-01-01

    Full Text Available Grande parte das manobras realizadas pelos pilotos durante o voo é resultante de instruções recebidas do controle de tráfego aéreo. A execução dessas manobras requer a mobilização de diferentes processos cognitivos, dos quais a linguagem é um componente de vital importância. Este artigo apresenta um modelo teórico-conceitual, a Teoria da Cognição Distribuída, como arcabouço teórico adequado para a investigação das experiências linguísticas ocorridas na interação com os artefatos tecnológicos existentes no ambiente de atuação do piloto. A partir de uma visão de cognição como fenômeno distribuído, apresento como uma instrução do controle de tráfego aéreo pode assumir diferentes formas de representação, propagar-se pelo ambiente e manifestar-se nas ações decorrentes do seu cumprimento

  13. Representação mental e mudança terapêutica: uma contribuição da perspectiva psicanalítica da teoria das relações objetais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Zanatta

    Full Text Available Apesar do avanço das pesquisas em psicoterapia, estudos na abordagem psicanalítica ainda são escassos. O objetivo deste artigo é apresentar e discutir a contribuição do conceito de representação mental como um constructo importante para fundamentar pesquisas na área psicanalítica baseadas na identificação dos elementos associados à mudança terapêutica. Inicialmente discutem-se conceitos e modelos teóricos psicanalíticos para posteriormente discutir a noção de representação mental em relação à mudança terapêutica, destacando-se a contribuição da teoria das relações objetais e do apego. Nesse sentido, apresenta-se o Inventário das Relações de Objeto, instrumento que avalia a qualidade das representações mentais, identificando mudanças ao longo da psicoterapia. Espera-se oferecer subsídios para o aprimoramento do trabalho clínico em psicoterapias e o desenvolvimento de pesquisas em psicanálise.

  14. Entre fachadas, bastidores e estigmas: uma análise sociológica do futebol feminino a partir da teoria da ação social de Erving Goffman

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila SALVINI

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo No presente artigo temos por objetivo problematizar sociologicamente a participação feminina no universo futebolístico brasileiro, de modo a avançarmos no entendimento de como se constroem e se reconstroem algumas representações e estigmas do corpo feminino no contexto dessa prática esportiva. Para levarmos a efeito esse objetivo, nos respaldamos em uma série de elementos empíricos e teóricos que foram trabalhados de forma dialógica e relacional no decorrer do estudo. Do ponto de vista empírico, nos valemos de um conjunto de dados e informações coletadas por meio de entrevistas, observações de campo e pesquisa com imagens. Já do ponto de vista teórico, fizemos uso da teoria da ação social de Erving Goffman, tomando de empréstimo conceitos e noções fundamentais para a análise aqui proposta. A partir dessa articulação empírico-teórica, concluímos que o processo de construção corporal no contexto do futebol feminino brasileiro ocorre nos bastidores, enquanto a reconstrução corporal acontece de modo representativo na região de fachada.

  15. Escola histórica, paradigma, matriz disciplinar: três conceitos para a teoria da história

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barros, José D´Assunção

    2011-01-01

    Full Text Available Este artigo busca discutir as possibilidades de aplicação, para a História, dos conceitos de “escola histórica”, “paradigma” e “matriz disciplinar” – aqui considerados como três noções que colaboram para a constituição das identidades teóricas dos historiadores. É discutido, em um primeiro momento, o conceito de “Escola Histórica”. Na sequência, são discutidas as clássicas definições e abordagens propostas por Thomas Kuhn para os conceitos de paradigma e matriz disciplinar, no ensaio A Estrutura das Revoluções Científicas (1962. Em um segundo momento, é discutida a necessidade de adaptações do conceito no âmbito das Ciências Humanas, considerando que ciências como a História, a Sociologia, a Antropologia e a Geografia são multiparadigmáticas. A articulação entre os conceitos de “Matriz Disciplinar” e “Paradigmas” pode ser apresentada como uma alternativa teórica interessante. O exemplo da História é trazido para ilustrar uma situação que pode ser estendidas às outras ciências humanas

  16. Surgimento e manutenção do comportamento religioso: contribuições da teoria evolucionista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Bortolini

    2013-06-01

    Full Text Available O comportamento religioso por muito tempo foi objeto de estudo apenas das ciências humanas, havendo poucas tentativas sistemáticas de uma interpretação Darwiniana de seu surgimento e/ou manutenção nas populações humanas. No entanto, as ciências naturais, juntamente com pesquisadores das mais diversas áreas, estão se voltando para o estudo sistemático do comportamento religioso através de uma perspectiva evolucionista. Em função desse novo e crescente campo de pesquisa, iremos apresentar algumas das principais hipóteses evolucionistas para a manutenção do comportamento religioso nas populações humanas e analisar os principais resultados empíricos encontrados até o momento. Apesar da enorme riqueza de crenças e reconhecida relevância dada à religião no nosso país, pouquíssimos pesquisadores brasileiros trabalham com esse tema. Acreditamos que essa revisão poderá ser importante para a divulgação e incentivo ao estudo do comportamento religioso pela perspectiva evolucionista no nosso país por pesquisadores das mais diversas áreas.

  17. Teoria da resposta ao item aplicada ao Inventário de Depressão Beck Item response theory applied to the Beck Depression Inventory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stela Maris de Jezus Castro

    2010-09-01

    Full Text Available O Inventário de Depressão Beck (BDI, uma escala que mede o traço latente de intensidade de sintomas depressivos, pode ser avaliado através da Teoria da Resposta ao Item (TRI. Este estudo utilizou o modelo TRI de Resposta Gradual na avaliação da intensidade de sintomas depressivos de 4.025 indivíduos que responderam ao BDI, de modo a explorar eficientemente a informação disponível nos diferentes aspectos possibilitados pelo uso desta metodologia. O ajuste foi efetuado no software PARSCALE. Foram identificados 13 itens do BDI nos quais pelo menos uma categoria de resposta não tinha chance maior que as demais de ser escolhida, de modo que estes itens tiveram de ser recategorizados. Os itens com maior capacidade de discriminação são relativos à tristeza, pessimismo, sentimento de fracasso, insatisfação, auto-aversão, indecisão e dificuldade para trabalhar. Os itens mais graves são aqueles relacionados com perda de peso, retraimento social e idéias suicidas. O grupo dos 202 indivíduos com as maiores intensidades de sintomas depressivos foi composto por 74% de mulheres, e praticamente 84% possuíam diagnóstico de algum transtorno psiquiátrico. Os resultados evidenciam alguns dos inúmeros ganhos advindos da utilização da TRI na análise de traços latentes.The Beck Depression Inventory (BDI, a scale that measures the latent trait intensity of depression symptoms, can be assessed by the Item Response Theory (IRT. This study used the Graded-Response model (GRM to assess the intensity of depressive symptoms in 4,025 individuals who responded to the BDI, in order to efficiently use the information available on different aspects enabled by the use of this methodology. The fit of this model was done in PARSCALE software. We identified 13 items of the BDI in which at least one response category was not more likely than others to be chosen, so that these items had to be categorized again. The items with greater power of

  18. Uma leitura interpretativa das "Orientações pastorais sobre a Renovação Carismática Católica" à luz da teoria da religião

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sélcio de Souza Silva

    2009-05-01

    Full Text Available Resumo Com base na teoria da religião, qual seja, de que a religião ou o trabalho religioso, desenvolvido pelos profissionais especializados e investidos do poder institucional, deve sempre responder às eventuais dificuldades, instabilidades ou ameaças contextuais que se instauram no campo religioso, pretenderemos evidenciar, neste artigo, a natureza particular dos interesses religiosos e a forma legitimadora no estabelecimento de suas funções na elaboração de diretrizes e normalizações da Igreja Católica. No firme propósito de coibir algumas práticas e fazer com que os leigos do Movimento da Renovação Carismática Católica (MRCC cumpram algumas ações específicas (habitus religiosus, os bispos da CNBB elaboram o documento 53, da CNBB. Nesse sentido, buscamos mostrar, in concreto, que a prática sacerdotal e as sistematizações impostas pela Igreja Católica da qual o corpo de profissionais (sacerdotes são seus representantes legítimos e burocraticamente organizados nos seus deveres administrativos procuram manter o monopólio dos bens de salvação. Assim, ao anunciar que extra ecclesiam nulla salus, em oposição a quaisquer ameaças internas ou externas, busca garantir seu poder de legitimação que uma religião exerce sobre a força material e simbólica. Palavras-chave: Teoria da religião; Igreja Católica; Resistência clerical; Renovação Carismática. AbstractBased on the theory of religion, according to which religion or religious work, carried out by specialized professionals invested with institutional power, must always face eventual difficulties, instabilities or contextual threats found in the religious field, this article focuses on the particular nature of religious interests and the legitimizing form in which their religious functions are established for the elaboration of guidelines and norms for the Catholic Church. In order to restrain some practices and to make the MRCC laymen (Movimento de Renova

  19. A epistemologia transdisciplinar nos pressupostos da Teoria da Complexidade e no contexto da organização do trabalho. (The transdisciplinary epistemology in the theory of complexity of complexity and in the contexto of work organization Doi: 10.5212/Eman

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osmar Ponchirolli

    2015-03-01

    Full Text Available A teoria da complexidade parte basicamente da ideia de que todo sistema constitui uma unidade complexa, comportando diversidade e multiplicidade, inclusive antagonismos. O ecossistema e a biosfera dão sentido pleno ao termo complexo, que significa entrelaçamento, portanto aquilo que está entrelaçado em conjunto constitui um tecido estreitamente unido, embora os fios que o constituam sejam extremamente diversos. A partir da obra O Método, de Edgar Morin, este estudo se concentra primeiramente na elaboração das características do conceito de transdisciplinaridade; em seguida nos pressupostos da teoria da complexidade, para somente a seguir verificar como a teoria da complexidade pode dialogar com as organizações do trabalho e com a área da educação, que também se caracteriza como uma empresa, pois a formação profissional se fundamenta teoricamente no ambiente educacional. O pensamento complexo pretende ultrapassar as entidades fechadas ou as disciplinas, como um meio necessário para conceber o fundamental. Seja diretamente na área da educação, na construção do pensamento complexo ou nas organizações como campo do conhecimento, a complexidade se mostra disponível para dialogar com todas as demais teorias do conhecimento, considerando o método transdisciplinar como norteador dessa abordagem. O fio condutor da observação dos pressupostos da epistemologia proposta pela complexidade considera que aquele que pesquisa é antes um pesquisador de si mesmo, por isso a vida de Edgar Morin, idealizador da teoria da complexidade, é o principal elemento constituinte das considerações finais deste estudo. Palavras-chave: Transdisciplinaridade. Complexidade. Educação. Organização. Método. Abstract: The theory of complexity basically comes from the idea that every system is a complex unit holding diversity and multiplicity, even antagonisms. The ecosystem and biosphere give full meaning to the term complex, which means

  20. Agroindústria familiar rural, qualidade da produção artesanal e o enfoque da teoria das convenções Rural familiar agroindustry, quality of colonial production and the view of theory of the convention

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Severo Nichele

    2011-12-01

    Full Text Available A agroindústria familiar rural surge como uma alternativa na busca de novos nichos de mercados, utilizando-se da maior diversidade de produtos e da diferenciação dos produtos através da transformação dentro da propriedade. Sua implantação é considerada uma alternativa eficaz como política de Desenvolvimento Rural, mas, com todos os esforços, existem muitas limitações neste setor, principalmente da legislação sanitária. A construção dos mercados e das regras que os regem, mesmo com o cumprimento das normas legais, vem de dentro do processo e com a colaboração de todos os atores: produtores, consumidores. A Teoria das Convenções baseia-se no reconhecimento mútuo e coletivo da qualidade ampla do produto e foi utilizada para explicar como funcionam as interações entre produtores da Região Metropolitana de Porto Alegre com relação às regras de produção ou "modos de fazer" no processo produtivo.The rural familiar agroindustry is an alternative in the search for new niche markets, using the greater diversity of existing products and product differentiation by transforming them inside the property. Its implementation is considered an effective alternative as policy of Rural Development, but despite all efforts there are many limitations in this sector especially in sanitary legislation. Quality is built on the agroindustries by looking not only at a physical process, but also relying on social and cultural aspects, considering personal efforts in making the products, dedication, tradition and artisanal "ways to make", which bring the colonial touch. The Theory of the Convention is based on mutual recognition and collective of wide quality of the product, and was used to explain how interactions are worked among producers at Metropolitan Porto Alegre Area regarding production rules or "ways to make" the production process.

  1. Consórcios intermunicipais de saúde: uma análise à luz da teoria dos jogos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Teixeira

    2003-03-01

    Full Text Available O presente estudo analisa a formação e a sustentabilidade político-financeira dos Consórcios Intermunicipais de Saúde por meio de um jogo dinâmico de dois períodos com informação imperfeita, no qual dois prefeitos de municípios decidem quanto à adesão e à permanência no consórcio. São analisados dois modelos. No primeiro admite-se a suspensão do atendimento nas instalações do consórcio à sua população do município que abandonar a parceria. Já no segundo, considerando o princípio constitucional que estabelece o acesso universal às ações e serviços de saúde, relaxa-se essa hipótese. O estudo evidencia uma forte tendência à instabilidade da associação no segundo modelo.The present article studies a new organizational structure in which neighboring health districts in Brazil form a partnership to jointly supply costly specialized health care services. Each district partially funds the organization. Depending on the partnership contract, a free rider problem arises. A district has the incentive to withdraw from the partnership if it can still benefit from its services, especially when political pressures for competing expenditures arise. The main conclusion is that the partnership sustainability is strongly influenced by the punishment mechanisms to a defaulting member, the gains from joint provision of health services and the overall economic environment.

  2. Síndrome de alienação parental: da teoria Norte-Americana à nova lei brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Analícia Martins de Sousa

    Full Text Available A síndrome de alienação parental (SAP foi definida, na década de 1980, pelo psiquiatra norteamericano Richard Gardner, como um distúrbio infantil que acometeria crianças e adolescentes envolvidos em situações de disputa de guarda entre os pais. Na visão do autor, a síndrome se desenvolve a partir de programação ou lavagem cerebral realizada por um genitor - nomeado como alienador - para que a criança rejeite o outro responsável. No Brasil, após rápida tramitação no Legislativo, foi sancionada, em agosto de 2010, lei sobre a alienação parental, que prevê sanções ao genitor que causar impedimentos à convivência do(s filho(s com o outro responsável. A nova lei traz determinações quanto à atuação de psicólogos no exame de supostos casos de alienação parental, destacando também os aspectos emocionais observados em tais situações. No presente artigo, tem-se como proposta examinar - à luz dos conhecimentos da Psicologia - os argumentos, ligados a essa área, que fundamentaram a exposição de motivos do projeto de lei sobre a alienação parental, explanando-se também as decisões judiciais proferidas em diferentes países que tomaram por base esse conceito.

  3. A relação transferencial para além da interpretação : reflexões a partir da teoria de Winnicott

    OpenAIRE

    Januário, Lívia Milhomem; Tafuri, Maria Izabel

    2011-01-01

    Este artigo reflete sobre a importância de pensar a relação transferencial na clínica psicanalítica para além da interpretação. Para isso, utiliza-se a concepção de Winnicott como referencial teórico, sendo ressaltadas a noção de holding, a regressão à dependência e a questão do uso de objetos e sua influência sobre a técnica da interpretação. Winnicott revela que na clínica com alguns pacientes, em especial os autistas e psicóticos, o objetivo da análise, antes de fornecer interp...

  4. A relação transferencial para além da interpretação: reflexões a partir da teoria de Winnicott

    OpenAIRE

    Lívia Milhomem Januário; Maria Izabel Tafuri

    2011-01-01

    Este artigo reflete sobre a importância de pensar a relação transferencial na clínica psicanalítica para além da interpretação. Para isso, utiliza-se a concepção de Winnicott como referencial teórico, sendo ressaltadas a noção de holding, a regressão à dependência e a questão do uso de objetos e sua influência sobre a técnica da interpretação. Winnicott revela que na clínica com alguns pacientes, em especial os autistas e psicóticos, o objetivo da análise, antes de fornecer interpretações, é ...

  5. A Contribuição da Teoria Institucional para a Compreensão do Modelo de Gestão Socialmente Responsável Adotado pelas Empresas Contemporâneas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Borim de Souza

    2010-10-01

    Full Text Available

    Vislumbra-se a necessidade de um novo agir organizacional, direcionado a um enfoque mais humano e ambientalmente correto. Logo, configura-se um campo em que diferentes teorias organizacionais podem ser estudadas em conjunto com o intuito de compreender a busca pelo comportamento socialmente responsável das organizações. Para tanto, este trabalho objetivou analisar como a teoria institucional explica o modelo de gestão socialmente responsável adotado pelas empresas contemporâneas. A partir das leituras e análises observou-se na teoria institucional um interessante ponto acadêmico possível de explicar uma gestão interessada em responsabilidade social através de termos como institucionalização, isomorfismo, instituições e legitimidade. A riqueza do arcabouço teórico e o tempo de aplicabilidade junto à ciência administrativa permite a teoria institucional explicar a responsabilidade social ao conferir identidade própria as organizações através de análises de culturas e valores confluentes na satisfação da sociedade. O estudo proposto discorre, portanto, sobre a necessidade imprescindível das organizações observarem, cada vez mais, maneiras competentes e transparentes de institucionalizar políticas socialmente responsáveis em seus ambientes interno e externo.

  6. Práticas organizacionais e o estabelecimento de lógicas de equivalência: o Circuito Fora do Eixo à luz da Teoria Política do Discurso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca de Moraes Ribeiro de Barcellos

    2014-12-01

    Full Text Available Uma das tarefas políticas mais importantes dos estudos críticos na área de organizações é explorar os processos de organização da resistência. No entanto, esse desafio é dificultado devido à noção restrita de organização predominante no campo dos estudos organizacionais. Nesse sentido, a Teoria Política do Discurso (TPD tem se apresentado como uma alternativa capaz de auxiliar na compreensão dos processos de resistência vivenciados por organizações contra hegemônicas, trazendo à tona práticas alternativas de organizar. Neste trabalho, o objetivo é, a partir da teoria mencionada, analisar práticas organizacionais desenvolvidas pelo Circuito Fora do Eixo para a articulação de diferentes iniciativas em prol de objetivos comuns. No estudo de caso empreendido, evidencia-se que categorias fornecidas pela TPD, como articulação e lógica de equivalência, apresentam elementos importantes para a análise e a compreensão dos processos de organização da resistência.

  7. A teoria da respublica (fundada sobre a “sociedade” e não sobre a “pessoa jurídica” no Corpus Juris Civilis de Justiniano (Digesto 1.2-4

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanni Lobrano

    2009-12-01

    Full Text Available O presente artigo busca reconstruir, demodo incipiente, a Teoria da República do CJC doimperador Justiniano, demonstrando que não houveuma ruptura na passagem da República ao Império,como comumente supõe a doutrina romanista.Além disso, o autor acredita poder encontrar, nomodelo republicano da antiga Roma, que persistiudurante o Império, elementos que possam auxiliarna superação do impasse em que atualmente seencontram as nossas repúblicas representativas.This article aims to rebuild so low,the Theory of he Republic of CJC emperorJustinian, demonstrating that there was a breakin the transition from Republic to Empire, ascommonly supposed to romanist doctrine.Furthermore, the autor believes finding therepublican model of ancient Rome, wichpersisted during The Empire, elements that canhelp overcome the impasse that currently are inour representative republic.

  8. Um ensaio de análise iconográfica: laços entre a teoria da arte e o método arqueológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan Belmonte Mazzola

    2015-10-01

    Full Text Available Neste artigo, investigamos a teoria da arte que subsidia o pensamento de Michel Foucault e analisamos aspectos estéticos e históricos de desproporções anatômicas na pintura europeia. A partir do ensaio As palavras e as imagens, de Foucault, é possível visualizar o método analítico de Erwin Panofsky. A influência do historiador da arte sobre o filósofo francês evidencia-se na fase de ‘interpretação iconológica’ proposta por Panofsky, em que a sintomatologia cultural encontra lugar de destaque. Essa sintomatologia é buscada nas análises que realizamos de três artistas da Europa: Peter Paul Rubens, Sandro Botticelli e Jean-Auguste Dominique Ingres.

  9. Teoria della relatività

    CERN Document Server

    Pauli, Wolfgang

    1958-01-01

    Fondamenti della teoria della relatività ristretta ; ausili matematici ; gli sviluppi della teoria della relatività ristretta concernenti la cinematica ; gli sviluppi della teoria della relatività ristretta concernenti l'elettrodinamica ; gli sviluppi della teoria della relatività ristretta concernenti la meccanica e la dinamica generale ; gli sviluppi della teoria della relatività ristretta concernenti la termodinamica e la statistica ; teoria della relatività generale ; teorie sulla natura delle particelle elementari elettricamente cariche.

  10. Um trabalho a troco de nada? A ação de uma comunidade de hackers à luz da teoria da dádiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GENAUTO CARVALHO DE FRANÇA FILHO

    2014-08-01

    Full Text Available Mais do que apontar possíveis respostas para um "enigma" contemporâneo, este artigo discute as especificidades da dinâmica de trabalho dos hackers, no processo de produção não-contratual e colaborativo, presente na comunidade on-line de desenvolvimento de softwares do Projeto GNOME (GNU Network Object Model Environment. A partir de uma imersão netnográfica de mais de um ano, analisou-se a organização do trabalho que dá vida ao processo de produção empreendido por mais de 300 hackers e colaboradores de todos os cinco continentes do planeta. Mais especificamente, buscou-se compreender a natureza do trabalho adotado pelos hackers ao longo do desenvolvimento e distribuição de softwares nessa comunidade online de abrangência internacional. Como resultado, constatou-se a presença no Projeto GNOME de um tipo de engajamento não-contratual, associado a uma forma de trabalho e circulação de bens que se difere completamente de organizações ligadas à esfera do mercado ou do Estado, mas que consegue, por meio da internet, viabilizar um processo internacional de desenvolvimento de software de alta complexidade. Em outras palavras, foi possível verificar por meio da dinâmica social empreendida no seio dessa comunidade online, a emergência, nos liames digitais da internet, de uma nova expressão da dádiva moderna: um sistema de dádiva mediada por computador, tanto na essência como no modo de funcionamento e organização do trabalho.

  11. APONTAMENTOS PARA UMA CRÍTICA À TEORIA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

    OpenAIRE

    Soares, Antônio Jorge; UFERSA, Mossoró/RN

    2009-01-01

    A construção de uma teoria descritiva, explicativa e preditiva fundada em parâmetros científicos consistentes tem sido a busca de todo pesquisador da ciência. Dentre as teorias mais recentemente elaboradas sobressai-se a Teoria das Representações Sociais, concebida por Moscovici a partir de 1961. Neste artigo, esta teoria será criticada em seus fundamentos. Para isto, num primeiro momento, será delineado um breve esboço da teoria em apreço, e, numa segunda instância, a crítica será apresentad...

  12. As Teorias do Processamento da Informação e os Esquemas Cognitivos do Leitor na Compreensão do Texto

    OpenAIRE

    Sequeira, Maria de Fátima

    1990-01-01

    Para compreender um texto o leitor activa os seus esquemas cognitivos de compreensão, onde a memória tem um papel fundamental, e adapta a estrutura do texto à sua estrutura mental. Nesta adaptação é fundamental possuir uma série de conhecimentos e capacidades que vão permitir uma descrição mais detalhada de ambas as estruturas de modo a fornecer um melhor entendimento entre as teorias linguísticas e as teorias cognitivas.

  13. Amartya Sen e a escolha social: uma extensão da teoria da justiça de John Rawls?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Regina Marin

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo é apresentar a visão de Amartya Sen quanto à possibilidade da escolha social como um exercício comparativo e reflexivo com indivíduos comprometidos, tendo como ponto de partida a justiça como equidade de John Rawls. O argumento é o de que o agir por comprometimento e as várias identidades sociais estabelecidas pelos diferentes indivíduos durante suas vidas - considerando um conceito de indivíduo que não é o racional e autointeressado da Economia tradicional - são formas de desenvolver o pensamento seniano no que se refere ao processo de escolha social via raciocínio público, sem necessitar do conceito de racionalismo estrito como proposto na Economia.

  14. A relação transferencial para além da interpretação: reflexões a partir da teoria de Winnicott

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Milhomem Januário

    2011-12-01

    Full Text Available Este artigo reflete sobre a importância de pensar a relação transferencial na clínica psicanalítica para além da interpretação. Para isso, utiliza-se a concepção de Winnicott como referencial teórico, sendo ressaltadas a noção de holding, a regressão à dependência e a questão do uso de objetos e sua influência sobre a técnica da interpretação. Winnicott revela que na clínica com alguns pacientes, em especial os autistas e psicóticos, o objetivo da análise, antes de fornecer interpretações, é proporcionar um ambiente suficientemente bom a partir do qual o sujeito pode retomar o processo de constituição de si mesmo e da externalidade do mundo.The transferencial relation beyond the interpretation: reflections from the theory of Winnicott. This article reflects about the importance of thinking the transferencial relation in the psychoanalytic clinic beyond the interpretation. For this, the Winnicott's concept is used as theoretical reference, highlighting the concept of holding, regression to dependence and the question of the use of objects and its influence on the technique of interpretation. Winnicott shows that in the clinic, with some patients, particularly autistic and psychotic, before providing interpretation, the objective of the analysis is to provide a good environment from which the subject can retake the constitution process of himself/herself and of the externality of the world..

  15. O problema da objetividade e da subjetividade nas teorias sociais clássicas e contemporâneas: um debate necessário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ileizi Luciana Fiorelli Silva

    2004-12-01

    Full Text Available Este artigo pretende discutir o problema da objetividade e subjetividade a partir dos teóricos clássicos Marx, Durkheim, Weber e do teórico contemporâneo P. Bourdieu, indicando pontos de divergência e convergência compreendidos no interior do conteúdo conceitual de cada referencial teórico específico, bem como, as contribuições de cada um ao debate "objetivismo e subjetivismo".

  16. Intertextualidades. Freud, Hegel e Husserl na constituição da teoria da consciência-texto de Paul Ricoeur

    OpenAIRE

    Henriques, Fernanda

    2003-01-01

    O texto propõe-se analisar a perspectiva da copnsciência-texto ou consciência-tarefa que Paul Ricoeur leva a cabo na sua obra sobre Freud de 1965, mostrando que ela resulta de uma intertextualidade complexa, na qual Freud e Hegel desempenham o papel de hermenêuticas rivais e Husserl funciona como o possibilitador do próprio exercício hermenêutico.

  17. Sexualidade do portador do vírus da imunodeficiência humana (HIV: um estudo com base na teoria da crise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas Mara Rúbia Ignácio de

    2002-01-01

    Full Text Available A investigação teve como objetivo identificar e analisar as dificuldades sexuais e as suas inter-relações com as dificuldades sociais e emocionais vivenciadas por sujeitos em crise de HIV. Os dados foram coletados através de entrevista semi-estruturada, gravada, e após, foram transcritos, categorizados e analisados. Elaboramos a transcrição das falas gravadas, e através da utilização da análise temática, criamos cinco histórias com o título: ..."O viver com HIV". Na análise dos dados a interpretação do conteúdo foi associado ao referencial teórico da crise. Os dados obtidos permitiram concluir que os sujeitos em crise de HIV não conseguiram um nível positivo de adaptação sexual, social e emocional. Na fala desses sujeitos, ficou claro o momento de crise de HIV caracterizada por mecanismos de enfrentamento, geralmente negativos. Os resultados obtidos apontam também para a necessidade de se repensar o papel do enfermeiro frente �� intervenção de enfermagem. Acreditamos que o Modelo de Procedimentos de Enfermagem de Saúde Mental, seja adequado para ajudar o sujeito em crise de HIV, na resolução das dificuldades sexuais, emocionais e sociais vivenciadas, e buscar um nível positivo de adaptação e enfrentamento das dificuldades inerentes ou decorrentes da doença.

  18. Igreja e modelos alternativos de família: uma abordagem discursiva de base sistêmico-funcional à luz do subsistema atitude da teoria da avaliatividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Luis dos SANTOS

    2012-07-01

    Full Text Available O estudo da avaliatividade — uma abordagem para explorar, descrever e explicar a forma como a linguagem é usada para avaliar, adotar posturas, construir personas textuais e gerenciar posicionamentos interpessoais e relacionamentos — possibilita a compreensão crítica do complexo de valores, costumes, crenças e práticas que constituem o modo de vida de um grupo específico. Destarte, este artigo apresenta uma análise, com base nesse estudo, do discurso do cardeal Joseph Ratzinger — o papa Bento XVI — que oficializa a posição da Igreja Católica em relação aos modelos alternativos de família. Objetiva-se, então, elaborar uma crítica sobre as implicações decorrentes das escolhas linguísticas que apontam a avaliação do pontífice. A despeito de uma reavaliação da postura ético-teológica a ser adotada em relação à homossexualidade, que alguns estudos têm apontado, o que se percebe por meio principalmente de julgamentos é a resistência a qualquer inclinação para o reconhecimento social das formas alternativas de família.

  19. O gaúcho campeiro e o problema da realidade: elementos para uma teoria fenomenológica da identidade gaúcha

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Carlos Correia

    2014-01-01

    Full Text Available A partir de um exercício metodológico de tipo ideal este artigo tem por objetivo compreender a dinâmica das múltiplas realidades que envolvem o mundo social, especialmente no mundo dos gaúchos campeiros oriundos do interior do Rio Grande do Sul, Brasil. A compreensão da fenomenologia social, através do ensaio de Alfred Schutz sobre a obra de Miguel de Cervantes, Dom Quixote, é a base comparativa para entender como o contexto social, as interações em co-presença e as interações mediadas são elementos que compõe o processo de construção da realidade. O estudo empírico realizado com os gaúchos do meio rural, especialistas nas atividades pastoris, destaca uma realidade particular e positiva para o entendimento do território, do desenvolvimento e da condição de vida. Os resultados sob o ponto de vista fenomenológico são pertinentes ao se analisar o contexto social e as interações estabelecidas no “âmbito de significado finito” na vida desses agentes sociais.

  20. Adaptação ao divórcio e relações coparentais: contributos da teoria da vinculação Adjustment to divorce and co-parental relations: contributions from the theory of attachment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo Lamela

    2010-01-01

    Full Text Available Neste artigo propõe-se uma contribuição da teoria da vinculação na compreensão dos processos de adaptação dos adultos ao seu divórcio e como a desvinculação ao ex-cônjuge interfere na coparentalidade pós-divórcio. Este artigo formula duas hipóteses teóricas. A primeira hipótese afirma que o divórcio, enquanto processo relacional, deve ser lido como um momento de perda que germina reacções psicológicas similares às experienciadas pelos viúvos, tal como descreve Bowlby no modelo de perda da figura de vinculação, estando dependente dos estilos de vinculação dos adultos. A segunda hipótese sustenta que a coparentalidade pós-divórcio é predita pelos estilos de vinculação e pela qualidade da reorganização da vinculação dos pais. Finalmente, uma integração teórica é apresentada, operacionalizada numa proposta de investigação futura neste domínio.In this article, it is proposed the contribution of the attachment theory for understanding adults' adjustment processes to their divorce and how detachment to ex-spouse can infer in co-parenting relationships after marital dissolution. This article makes two theoretical assumptions that focus on two dimensions. The first hypothesis states that the divorce, while a relational process, should be read as a moment of loss that germinates similar psychological reactions to those experienced by widows. Bowlby describes it in his model of loss of the attachment figure as dependent on attachment styles of divorced adults. The second hypothesis argues that the post-divorce co-parenting relationships are predicted by the attachment styles and by the quality of parents' attachment reorganization. At the end, a theoretical integration is built, based on a proposal for future research in this area.

  1. Para além do processo racional de formação de estratégias em universidades públicas: um olhar com foco na teoria da complexidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiza Maria Bessa Rebelo

    2010-08-01

    Full Text Available O presente trabalho tem como objetivo proceder a avaliação do processo de formação de estratégias de gestão em universidades públicas ã luz dos fundamentos da Teoria da Complexidade. Para realizar esta tarefa, se utilizou o referencial teórico sobre organizações universitárias, sobre formação de estratégias e, sobre Teoria da Complexidade e Sistemas Adaptativos Complexos, para edificar o construto que serviu de parâmetro de análise. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, de natureza qualitativa, acerca da dinâmica do processo de formação de estratégia em Planos de Gestão de Instituições de Ensino Superior. A investigação seguiu também o procedimento de um estudo longitudinal com base em análise documental, em entrevistas semi-estruturadas e em observações diretas realizadas na instituição escolhida para estudo de caso. Os resultados da aplicação do construto na instituição estudada evidenciaram que ela orienta seus processos de formação de estratégia, expressos em seus Planos de Gestão, basicamente pelos modelos racional-formal e negociado, mas que vem modificando sua prática no sentido de incorporar também o modelo de construção permanente.

  2. Habermas e a teoria do conhecimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arilene Maria Soares de Medeiros

    2003-01-01

    Full Text Available Este estudo tem o propósito de discutir algumas questões levantadas por Habermas em: Conhecimento e Interesse, O Discurso Filosófico da Modernidade e Teoria de la Acción Comunicativa: complementos y estudios previos. A escolha por essas três obras, de cunho mais epistemológico, baseia-se na representatividade delas para a compreensão e aprofundamento de questões que tratam da teoria do conhecimento, da superação paradigmática da filosofia da consciência pela filosofia da linguagem e da concretização de seu projeto de modernidade via a possibilidade da ampliação do conceito de racionalidade. É inegável a grande contribuição de Habermas na teoria do conhecimento, na compreensão das sociedades capitalistas avançadas e na radicalização de uma razão que se faz fundamentalmente emancipatória. The main objective of this study is to argue some questions put by Habermas in: Conhecimento e Interesse (Knowledge and Human Interests, O Discurso Filosófico da Modernidade (The Philosophical Discourse of Modernity and Teoria de la Acción. Comunicativa: complementos y estudios previos ( The Theory of Communicative Action. The choice for these three works, of epistemological focus, is based on their importance for the understanding and the deepening of questions that deal with the knowledge theory, of the paradigmatic overcoming of the conscience philosophy for the language philosophy and the accomplishment of his project of modernity through the possibility of magnifying the rationality concept. The great contribution of Habermas in the theory of the knowledge, in the understanding of the advanced capitalist societies and in the radicalization of a reason that makes itself fundamentally free is undeniable.

  3. Sulla teoria e sulla funzione della moneta nel XIV secolo

    OpenAIRE

    2016-01-01

    Durante il XIV secolo la moneta divenne in Europa un importante oggetto di studio e molti testi, scritti soprattutto da teologi, furono dedicati all’analisi teorica del suo ruolo sociale e alla definizione delle sue funzioni economiche. Partendo dalla lettura di un testo del francescano Francesc Eiximenis, pubblicato da Paolo Evangelisti, il saggio esamina la teoria, allora assai diffusa, della moneta intesa quale istituzione sociale, e confronta questa teoria con l’uso pratico e mercantile d...

  4. Contribuições a uma sistematização sobre a teoria da transição a partir da experiência chinesa

    OpenAIRE

    Guimarães, Irene Maestro Sarrion dos Santos

    2015-01-01

    A presente pesquisa procura desenvolver uma análise marxista do período de transição ao comunismo por meio de uma abordagem não economicista nem jurisdicista que supere as concepções predominantes sobre essa problemática,segundo as quais, com a tomada de poder e a transferência da titularidade dos meios de produção para o Estado operário , o decisivo para a passagem de uma forma de sociedade para outra é o desenvolvimento das forças produtivas, confundindo, assim, as relações sociais d...

  5. Processos de democracia direta: sim ou não? Os argumentos clássicos à luz da teoria e da prática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rolf Rauschenbach

    2014-03-01

    Full Text Available Regularmente surgem controvérsias sobre os processos de democracia direta, dos quais os mecanismos mais frequentes são a iniciativa popular, o plebiscito e o referendo. Por um lado, há autores que defendem a posição de que essas instituições tornam o jogo político mais lento, caro, confuso e ilegítimo; outros defendem a posição contrária e argumentam que processos de democracia direta são fundamentais para os cidadãos e a qualidade da democracia. O presente estudo analisa esse tema em torno de sete questões, baseadas em considerações teóricas e pesquisas empíricas: 1. A questão entre o minimalismo e o maximalismo democrático; 2. A concorrência entre maioria e minoria; 3. A concorrência entre as instituições representativas e os processos de democracia direta; 4. A questão da competência dos cidadãos; 5. A questão dos efeitos colaterais dos processos de democracia direta; 6. A questão do tamanho do eleitorado; 7. A questão dos custos dos processos de democracia direta. As sete questões são analisadas a partir de uma revisão bibliográfica que considera tanto fontes nacionais como internacionais. O estudo mostra que os processos de democracia direta podem ser um complemento para as instituições representativas em um sistema democrático. O bom desempenho dos plebiscitos, referendos e iniciativas populares depende tanto da regulamentação destes como também do desempenho das outras instituições políticas e da situação socioeconômica de um país. O estudo permite ampliar e aprofundar o debate sobre processos de democracia direta no Brasil.

  6. Algumas Críticas de Amartya Sen em relação a Uma Teoria de Justiça de John Rawls: a Questão da Imparcialidade Fechada e a Imparcialidade Aberta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa Allgayer

    2017-02-01

    Full Text Available Este artigo tem como objetivo analisar a imparcialidade em Amartya Sen como um dos fundamentos para sua ideia de justiça, sendo essa a principal crítica a teoria da justiça de John Rawls. Nesse sentido serão descritos e explicados a imparcialidade fechada (Rawls e a aberta (Sen, e qual os seus devidos papéis na construção de uma sociedade justa. Amartya Sen defende uma ideia de justiça que não seja definitiva, que propicie as abordagens e as argumentações que se dediquem a partir de uma razão prática a redução das injustiças e a construção de melhorias tendo uma visão mais pragmática do que a desenvolvida por Rawls em sua teoria da justiça.

  7. Teoria da Mente: efeito da idade, do sexo e do uso de atores animados e inanimados na inferência de estados mentais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roazzi Antonio

    1999-01-01

    Full Text Available O estudo foi realizado com 72 crianças de NSE médio, entre quatro e cinco anos de idade, visando a investigar a idade de aquisição da habilidade das crianças para distinguirem seus próprios estados mentais e os estados mentais de outros e se a manifestação da habilidade, na tarefa de falsa crença, depende do ator envolvido - inanimado (boneca versus animado (outras crianças. Os resultados indicaram não haver diferenças entre atores animados e inanimados e que é a partir de cinco anos de idade que as crianças começam a ter uma compreensão acerca dos estados mentais de outras pessoas, no tocante a falsa crença. Este último dado diverge dos obtidos em estudos anteriores, que encontraram esta capacidade já desenvolvida aos quatro anos de idade. Contrariamente à hipótese inatista e de acordo com os dados obtidos no Brasil (no que se refere às crianças de orfanato nossos resultados revelam que a universalidade quanto à época em que se encontra desenvolvida esta capacidade é passível de ser questionada.

  8. Instinto, etologia e a teoria de Konrad Lorenz

    OpenAIRE

    2007-01-01

    O presente artigo tem como objetivo apresentar um pouco da evolução da ciência que estuda o comportamento animal comparado - Etologia -, destacando a teoria de Lorenz (1937), considerado um dos fundadores dessa ciência. O texto inicia-se fazendo referência às diversas relações existentes entre os seres humanos e os demais animais, desde os primórdios da existência humana. Em seguida, aborda o aspecto histórico da evolução do conceito de instinto, como tema marcante da teoria de Lorenz (1937)....

  9. Análise de um infográfico à luz da Teoria da Mesclagem Conceptual e da Semiótica Plástica greimasiana: a interdisciplinaridade a serviço da compreensão de um texto sincrético

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Nardes dos Santos

    2017-06-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo aproximar o aparato teórico da Teoria da Mesclagem Conceptual (FAUCONNIER; TURNER, 2002 às categorias de análise da Semiótica Plástica ou Visual (GREIMAS, 2004, de modo a compreender a construção de significados em um infográfico, cujo tema é a dificuldade de acesso ao aborto legal por mulheres pobres no contexto estadunidense. Por infográfico, entende-se um gênero sincrético que conjunge informações visuais e escritas, organizadas de modo a consolidar uma unidade de comunicação autônoma (CARVALHO; ARAGÃO, 2012. De modo geral, a análise empregada é qualitativa, compreendendo identificação das mesclagens conceptuais emergentes e verificação dos elementos visuais do infográfico que se relacionam a essas mesclagens a partir das categorias topológica, eidética e cromática.  Como os resultados indicam, foi possível enriquecer a descrição das mesclagens conceptuais a partir do emprego das categorias plásticas greimasianas, visto que a própria mesclagem que estrutura o infográfico dá-se por meio da conjunção entre texto e imagem.

  10. Arcabouço teórico para os estudos de governança corporativa: os pressupostos subjacentes à teoria da agência A theoretical framework for corporate governance studies: agency theory assumptions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laíse Ferraz Correia

    2008-09-01

    Full Text Available O propósito deste ensaio consiste em fornecer uma contribuição para o desenvolvimento e fundamentação da pesquisa em governança corporativa, mediante a apresentação dos pressupostos subjacentes à Teoria da Agência, que constitui um dos arcabouços teóricos mais utilizados nos estudos sobre o tema, mas que é, muitas vezes, abordado de forma incompleta. Assim, este trabalho buscou preencher um pouco essa lacuna nos estudos de governança, mediante a discussão dos principais pilares da Teoria da Agência, isto é, as suposições acerca do comportamento dos indivíduos nas organizações; a repartição das etapas do processo decisório, que se traduz na delegação de autoridade aos administradores (agentes; a importância do conhecimento específico; os custos de agência oriundos da distribuição do poder de decisão a indívíduos racionais, que detêm o conhecimento requerido pela organização; e os mecanismos de controle do comportamento dos administradores. A partir dos elementos essenciais dessa teoria, são desenvolvidos os mecanismos de governança corporativa, os quais visam melhorar a performance das firmas.The agency theory, an important theoretical framework in the area of corporate governance, was discussed as a contribution for development of this subject. The foundations, assumptions and building blocks of the agency theory, frequently used in research on this subject, are often only partially addressed. An effort was made to bridge this gap in governance studies by discussing pillars of the agency theory, that is to say, assumptions about the nature of human behavior in organizations, the way organizations allocate steps in the decision making process across agents, the relevance of specific knowledge required , the agency costs arising from diffusion of decision functions among rational agents with the specific knowledge required, and decision control mechanisms for opportunistic behavior of agents, were included

  11. Produção do conhecimento sobre teorias de enfermagem: análise de periódicos da área, 1998-2007 Produccion de conocimiento sobre teorias de enfermeria: analisis de periodicos del area, 1998-2007 Knowledge production on nursing theories: analysis of the area periodicals, 1998-2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Schaurich

    2010-03-01

    Full Text Available Este estudo objetivou analisar a produção do conhecimento sobre teorias de enfermagem publicada em periódicos da área, entre 1998 e 2007. Trata-se de uma investigação descritiva, de natureza bibliográfica, com abordagem quantitativa. Foram encontrados e analisados 171 (4,6% estudos sobre teorias de enfermagem extraídos do total de 3.757 resumos publicados em sete periódicos científicos. A maioria destes artigos é oriunda de pesquisas, em que foram utilizadas a Teoria de Enfermagem Humanística, a Teoria do Cuidado Cultural e a Teoria do Autocuidado como principais referenciais em trabalhos publicados em dupla autoria e originados, predominantemente, nas regiões Sul e Nordeste do País. Acredita-se que esta investigação permitiu dar visibilidade a tal temática, bem como identificar algumas das características e tendências do conhecimento acumulado referente às teorias de enfermagem, na realidade brasileira.Estudio de naturaleza bibliográfico que tuvo como objetivo el análisis de la producción de conocimiento sobre teorías de Enfermería, publicado en periódicos del área, entre 1997 y 2006. Se encontraron y se examinaron 171 (4,6% estudios sobre las teorías de la enfermería a partir de un total de 3.757 resúmenes publicados en siete revistas científicas. La mayoría de los artículos analizados tuvieron su origen en investigaciones en las cuales fueron utilizadas la Teoría del Cuidado Cultural, la Teoría de la Enfermería Humanística y la Teoría del Autocuidado como principales referenciales, en trabajos publicados en coautoría y que tuvieron origen, predominantemente, en las regiones Sur y Noreste del país. Se concluye que esta investigación permitió dar visibilidad a tal temática, así como identificar algunas de las características y tendencias del conocimiento acumulado en relación con las teorías de la Enfermería, en la realidad brasileñaA study of bibliographical nature approach which aimed to

  12. Entre a práxis e a teoria: os equívocos da pesquisa contábil empirica nos EUA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valério Nepomuceno

    2002-11-01

    Full Text Available Os fatos recentes parecem oferecer alguma convicção no sentido da afirmação de que o modelo dos princípios contábeis norte-americanos (USGAAP segue uma trajetória pouco recomendável a qualquer país, pelo menos, àqueles que se baseiam no mercado de ações como principal fonte de financiamento de capital para suas empresas. A tônica das megacorporações de persuadir os investidores com "fala mansa", se aproveitando de normas contábeis "dóceis", dá sinais de erosão, além de provocar um terremoto no mercado de capitais do mundo todo. Bolsas de Valores, que dependem de capitais externos, como a brasileira, se vêem numa situação delicada porque os investimentos evaporaram. Cabe-nos, nesse momento, analisar o que tem conduzido a contabilidade estadunidense a essa situação pouco ortodoxa, porém previsível, visto que somos afetados diretamente por ela. Que lições nós podemos extrair de tudo isso? Uma reflexão fundamental deve ser considerada, a priori: as pesquisas empíricas, destituídas de uma teoria científica sólida, conduzem a equívocos irreparáveis. E quem suporta as conseqüências de nefastas atitudes experimentalistas é a sociedade. Neste estudo, apresentaremos uma dessas pesquisas empíricas e porque ela é inconsistente e universalmente inaplicável. Só conseguiremos compreender a lógica aplicada às pesquisas empíricas estadunidenses se visualizarmos, de forma crítica, alguns fatos relevantes ocorridos nas duas últimas décadas. Transformações muito importantes estão em ebulição no cenário contábil dos EUA. E compreendê-las, criticamente, pressupõe a percepção a priori do que seja manutenção fisica ou financeira do capital (tema ainda inédito no Brasil. Neste trabalho, vamos nos ater, essencialmente, na análise das idéias em tomo da manutenção fisica do capital, propostas pelos norteamericanos na década de 80, no seio de uma Estrutura Conceitual (David Solomons, 1982 e outros. Ap

  13. Estimate of the weight of japanese quail eggs through fuzzy sets theory Estimativa do peso dos ovos de codornas japonesas por meio da teoria dos conjuntos fuzzy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline de Oliveira Castro

    2012-02-01

    Full Text Available Quail breeding is a viable alternative for animal production and due to its low investment, fast return of invested capital, use of small areas and creation of jobs has aroused much interest in Brazil. The aim of this study was to develop a model based on fuzzy set theory to predict the weight of eggs from Japanese quails. The proposed fuzzy model was based on data from field measurement experiments, as well as from literature referring to the influence of environment over the weight of eggs. To develop the fuzzy system, air dry-bulb temperature (t db, ° C and relative air humidity (RH, % were defined as input variables and trapezoidal and triangular membership functions were used, respectively. The absolute deviation between the values for observed egg weight and egg weight estimated by the fuzzy system, varied between 0.01 g and 0.32 g, and the average deviation was 0.14 g. The average error found was 2.33%, and the determination coefficient (R² was equal to 0.668. The fuzzy system developed to estimate the weight of Japanese quail eggs, based on the t db and RH provided low values for absolute deviation and percentage error, allows a realistic estimate of the weight of eggs in different environmental conditions.A cotornicultura é uma alternativa na produção animal que, pelo baixo investimento, rápido retorno do capital investido, utilização de pequenas áreas e à gereção de novos empregos, tem despertado grande interesse no Brasil. Neste trabalho, objetivou-se desenvolver um modelo baseado na teoria dos conjuntos fuzzy para a predição do peso de ovos de codornas japonesas. O modelo fuzzy proposto foi elaborado com base em dados experimentais oriundos de medições em campo, bem como da literatura, a respeito da influência do ambiente sobre o peso de ovos de codornas japonesas de postura. Para o desenvolvimento do sistema fuzzy, foram definidas, como variáveis de entrada, a temperatura de bulo seco (t bs, °C e a umidade

  14. A Psicanálise como Paráfrase Política: École Freudienne de Paris e a Etificação da Teoria Lacaniana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilton Ken Ota

    Full Text Available RESUMO: Em grande medida, os estudos sobre a constituição do arcabouço teórico do lacanismo têm ocorrido ao largo do exame de sua historicidade. Essa negligência reforça o ocultamento do processo social que levou a produção lacaniana a uma profunda integração entre a formalização e a etificação da teoria. Esse processo não pode ser compreendido sem a contextualização crítica da conjuntura política que cercou a proposta e a existência da École Freudienne de Paris (EFP, fundada por Lacan, em 1964. A estreita convivência com os jovens militantes dos grupos da esquerda extraparlamentar da época, notadamente os maoístas, e a assimilação de suas problematizações fizeram do pensamento lacaniano e da EFP o espaço de objetivação de um discurso movido pela paráfrase política e seus efeitos de engajamento. Este artigo pretende expor as linhas de estruturação político-social dos conceitos forjados por Lacan, em meio à instituição e à consolidação de sua Escola.

  15. Uma análise reflexiva da atuação do profissional enfermeiro junto à condição de acidentado do trabalho, segundo a teoria de Paterson e Zderad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzane Beatriz Frantz Krug

    Full Text Available Esse artigo refere-se a uma análise crítica reflexiva da atuação do profissional enfermeiro junto à condição de acidentado do trabalho. Observa-se que, no âmbito das relações sociais, determinadas pelo sistema capitalista e revestidas pelo caráter utilitário, desponta o preconceito que passa a permear as relações com esses indivíduos. Os acidentados são identificados como pessoas incapazes para o trabalho e para a vida social, sendo prejudicados diretamente em suas relações, sofrendo brutalmente com essa situação. Como subsídio para atuação do profissional enfermeiro frente ao tema, foi utilizada a Teoria da Prática Humanista de enfermagem de Paterson e Zderad.

  16. Atitudes dos consumidores a partir da teoria das pistas e da consciência ambiental: contribuições ao estudo do green marketing

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rolf Erdmann Hermann

    Full Text Available Com o crescente interesse da sociedade por temas relacionados às questões ecológicas e ambientais, diversos estudos emergem com o objetivo de identificar o reflexo dessa preocupação socioambiental nos hábitos de consumo. Este estudo tem o objetivo de investigar o impacto de um argumento de caráter ecológico sobre atitudes relativas à marca, ao anúncio e à intenção de compra (Lages e Neto, 2002; Pereira, 2003; Rocha e Marques, 2004; Bedante e Slongo, 2004; Romeiro, 2006; Veiga, Santos e Lacerda, 2006; Enoki et al., 2008; Garcia et al., 2008; Gil e Camargo, 2008; Pimenta e Boas, 2008; Bertolini, Possamai e Brandalise, 2009; Motta, 2009. Para tanto, foram reaplicados os modelos utilizados por Pereira (2003, a escala desenvolvida por Sujan (1985 e Sujan e Bettman (1989 para mensurar as atitudes dos consumidores em relação ao anúncio, marca e a sua intenção de compra; e a escala de Roberts (1996 e Straughan e Roberts (1999, traduzida para o português por Lages e Neto (2002, elaborada para medir a consciência ecológica dos consumidores. Os dados foram coletados, com 176 estudantes de graduação do curso de Administração de uma universidade do interior do Rio Grande do Sul, através de um estudo experimental do tipo between subjects, com três níveis de manipulação. As hipóteses previam que sujeitos que foram expostos ao argumento ecológico demonstram atitude mais favorável em relação à embalagem (H1A, à marca (H1B, e intenção mais favorável de compra (H1C que aqueles que não foram expostos ao argumento ecológico. Adicionalmente foi inserido no estudo o tratamento com o atributo intrínseco “Protege os dentes”, com o objetivo de reforçar os resultados da pesquisa. Apesar da média das atitudes ser, na sua maioria, maior para o tratamento com o argumento ecológico, os resultados demonstraram que os respondentes mostraram-se indiferentes à presença de argumentos ecológicos sobre as atitudes em relação

  17. Impulsos climáticos da evolução na Amazônia durante o Cenozóico: sobre a teoria dos Refúgios da diferenciação biótica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Haffer

    2002-12-01

    Full Text Available AS FLUTUAÇÕES climático-vegetacionais causadas pelos ciclos astronômicos de Milan-kovitch provocaram mudanças globais na distribuição de florestas tropicais e demais vegetações não-florestais antes e durante o Cenozóico (Terciário-Quaternário. Os biomas continentais de florestas e vegetações não-florestais mudaram continuamente sua distribuição durante o seu passado geológico, fragmentando-se em blocos isolados, expandindo-se e juntando-se novamente sob condições climáticas alternadas entre secas e úmidas. Entretanto, durante as diversas fases climáticas, comunidades de plantas e animais fragmentaram-se e as espécies mudaram suas distribuições de maneira individual. Existem, para o Quaternário, dados de campo indicando mudanças na vegetação da Amazônia. A teoria dos Refúgios postula a persistência de grandes manchas de florestas tropicais úmidas durante os períodos secos do Terciário e do Quaternário, especialmente aquelas localizadas próximo de superfícies rebaixadas, sobretudo nas porções periféricas da Amazônia. Essas áreas são, provavelmente, a origem de muitas espécies e subespécies de plantas e animais existentes hoje em dia. Os "refúgios" úmidos podem ter sido separados por vários tipos de savana e florestas secas, como também por outros tipos de vegetação intermediária de climas sazonalmente secos. A quantidade e o tamanho dos refúgios durante os diferentes períodos de seca continuam desconhecidos. Indícios biogeográficos da existência de refúgios florestais anteriores incluem áreas de endemismo e zonas de contato entre espécies e subespécies de pássaros e outros animais da floresta amazônica nitidamente definidos. Essas áreas representam zonas de distinta descontinuidade biogeográfica num ambiente florestal contínuo. Modelos alternativos para a formação de barreiras na Amazônia que conduzem à especiação alopátrica incluem as seguintes hipóteses: do Rio, dos Ref

  18. Metodi matematici per la teoria dell’evoluzione

    CERN Document Server

    Bazzani, Armando; Freguglia, Paolo

    2011-01-01

    Esistono ormai da tempo molti articoli, in particolar modo su riviste di biomatematica, di (bio)fisica e di biologia, che presentano proposte e risultati di modellistica matematica relativi direttamente ed indirettamente alla teoria dell’evoluzione. Sicuramente questi studi sono da considerarsi cruciali per l’istituzione della biologia teorica. I temi da prendere in esame sono dapprima le convinzioni che i biologi hanno in merito. Quindi un’analisi dei precedenti tentativi di formulare una teoria matematica dell’evoluzione, nonché i relativi sviluppi e insuccessi a cui abbiamo assistito nell’ambito della "teoria della complessità". La nostra proposta consiste dunque nel realizzare una teoria matematicamente formulata e biologicamente ben fondata dell’evoluzione con specifico e giustificato riferimento a quella fenotipica. Quindi su questa base costruiamo sia di un modello geometrico sia un modello dinamico stocastico. In questo modo, pur tenendo presente l’intrinseca insufficienza dell’appro...

  19. O conhecimento do enfermeiro sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem: da teoria à prática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisama Gomes Correia Silva

    2011-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar o conhecimento dos enfermeiros sobre a Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE em um hospital de grande porte em Recife, Pernambuco. Realizou-se um estudo descritivo, exploratório e quantitativo. A população foi composta de 107 enfermeiros assistenciais com amostra de 73 (68%. A coleta de dados foi realizada em junho de 2008, através de um questionário semiestruturado preenchido pelos sujeitos. Verificamos que 50 (69% não tinham conhecimentos sobre a SAE e especialmente sobre os diagnósticos de enfermagem. Constatamos ausência de formulários na maioria das unidades de internação. Os enfermeiros justificaram diversas razões para não trabalharem com a SAE, dentre elas, a sobrecarga de trabalho e escassez de formulários. Concluímos que existe a necessidade de maiores incentivos institucionais e políticos, de forma a permitir que o enfermeiro exerça a profissão com mais autonomia.

  20. A QUARTA CAPA DE LIVROS DIDÁTICOS DE INGLÊS À LUZ DA TEORIA DE GÊNEROS DA ESCOLA DE SIDNEY.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Caixeta Silva

    2016-06-01

    Full Text Available Resumo: Neste trabalho, apresenta-se a análise do gênero quarta capa de livros didáticos de inglês com base nas ideias sobre gênero da Escola de Sidney, considerando-o como parte do contexto cultural escolar e comercial. Apresentam-se, primeiramente, os referenciais teóricos dessa Escola, e nesta linha, a ideia de gênero como uma atividade linguística e social organizada em estágios e voltada a objetivos, que tem uma configuração contextual e elementos com objetivos inerentes. Também é feita uma análise linguístico-discursiva de aspectos ideacionais e interpessoais de dois exemplares do gênero com base na proposta de Martin e Rose (2003 e 2007, evidenciando que o livro didático de inglês é representado, nesse gênero, como agente importante nos processos de ensino e aprendizagem. Por fim, argumenta-se sobre a implicação deste trabalho para cursos de formação docente.