WorldWideScience

Sample records for da isquemia cerebral

  1. Análise da respiração mitocondrial em tecido cerebral de gato após isquemia e reperfusão Analysis of mitochondrial respiration in brain cerebral tissue of cats after ischemia and reperfusion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Nakano

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A isquemia cerebral é uma doença freqüente e de difícil tratamento médico. De particular interesse neurocirúrgico são as situações de vasoespasmo após hemorragia subaracnóidea, de oclusão temporária de vasos nas neurocirurgias e de tromboses de artérias intracranianas. A lesão cerebral resultante da isquemia depende da sua duração e pode ser agravada pela reperfusão do território isquêmico. Vários estudos clínicos e experimentais têm sido realizados para melhor entender esses fenômenos. OBJETIVO: Este trabalho visou a avaliação precoce dos efeitos da isquemia focal seguida da reperfusão no cérebro de gatos. MÉTODOS: A isquemia cerebral foi provocada por clipagem temporária da artéria cerebral média por tempos determinados com reperfusão durante 10 minutos, e avaliação foi efetuada através da análise da respiração mitocondrial no tecido isquemiado. Resultados - Houve redução significativa no consumo de O2 nas amostras de tecido cerebral isquemiado por 60 minutos, seguidos de 10 minutos de reperfusão, quando comparadas ao tecido cerebral contralateral (não isquemiado. CONCLUSÕES: Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que o tempo de duração da isquemia foi um fator determinante na alteração da respiração mitocondrial de gatos submetidos à isquemia e reperfusão de curta duração (alterações significativas apenas após 60 minutos de isquemia seguidos de 10 de reperfusão.OBJECTIVE: Brain ischemia is considered a disease difficult to be treated. Despite many other clinical situations, of particular interest for neurosurgery is its occurrence in cerebral vasoespam following subarachnoid hemorrhage, in temporary occlusion of intracranial vessels during neurosurgeries and, in intracranial arterial thrombosis. The cerebral lesion caused by isquemia is time-related and it can aggravated by the reperfusion of the ischemic site. Many clinical and experimental studies have been

  2. Manejo da hipertensão arterial na isquemia cerebral aguda Management of arterial hypertension in patients with acute ischemic stroke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    WALTER JOSÉ FAGUNDES-PEREYRA

    1999-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o nível de conhecimento dos médicos, através de sua conduta, em paciente com quadro de hipertensão arterial na fase aguda da isquemia cerebral. Também comentamos as principais condutas nesta fase, com ênfase na tensão arterial (TA. MÉTODO: Foram entrevistados 120 médicos da clínica médica e da cirurgia geral, em dez dos maiores Hospitais de Belo Horizonte, em 1997. Todos responderam a um questionário contendo um caso clínico de paciente hipertenso leve, admitido com quadro de isquemia cerebral e tensão arterial de 186x110 mmHg. Os profissionais deveriam optar por reduzir, aumentar ou manter a TA. RESULTADOS: Dos entrevistados, 38 (31,7% responderam que reduziriam os níveis tensionais, 82 (68,3% optaram pela manutenção e nenhum aumentaria (pPURPOSE: We aimed with study to assess the current clinical practice about the management of high blood pressure in patients in the acute phase of ischemic stroke. We also comment some topics of ischemic stroke treatment. METHODS: A case report of a patient admitted 8 hours after onset of ischemic stroke and with blood pressure of 186x110 mmHg was presented to 120 surgeons and clinician. They were asked to decide the best therapeutic option: to increase, decrease or maintenance blood pressure. RESULTS: Thirty-eight physicians (31,7% considered decreasing blood pressure the best therapeutics, 82 (68,3% considered maintenance and none decided to increase it (p < 0.05. There was no difference between the two specialties conduct. The physicians, with more than 10 years of graduation, had a tendency to decrease the blood pressure (p <0.05. CONCLUSION: The maintenance of blood pressure may present a sufficient blood support to compensate brain flow. A high percentage of the physicians (31,7% do not know about the current concepts of therapeutics considering hypertension in acute ischemic stroke. The development on special units to treat these patients ("stroke units" may eventually

  3. Avaliação da isquemia cerebral pela respiração mitocondrial: modelo experimental Study of brain ischemia by mitochondrial respiration: experimental model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Gilberto Carlotti Junior

    2001-06-01

    Full Text Available A isquemia cerebral acontece em várias doenças. Um dos fatores críticos para a recuperação de um paciente é a duração do processo isquêmico. A atividade cerebral depende do suprimento de energia, isto sugere que o estudo da função mitocondrial pode ser utilizado para a avaliação do dano neuronal. O objetivo deste trabalho foi o de estudar a respiração mitocondrial pela oclusão da artéria cerebral média esquerda pela técnica do fio intraluminal. Ratos da raça Wistar foram subdivididos em 4 grupos: controle e 15, 30 e 60 minutos de oclusão. Os resultados mostraram que não há diferença estatisticamente significativa entre o grupo de 15 minutos e o grupo controle. O grupo de 30 minutos teve diminuição do estado III da respiração mitocondrial comparado com o grupo controle. O grupo de 60 minutos teve diminuição dos estados III e IV comparados com o grupo controle. A respiração mitocondrial permitiu uma avaliação efetiva e precoce do processo isquêmico focal no cérebro do rato.Brain ischemia occurs in several diseases. One of the critical factors for recovery of patients is the duration of the ischemic process. Brain activity depends on the energetic supply, it suggests that the study of mitochondrial function can be useful for evaluation of neuronal damage. The purpose of the present research was to study the mitochondrial respiration by occlusion of the left middle cerebral artery by intraluminal suture technique. Adults Wistar rats were subdivided in 4 groups: control, 15, 30 and 60 minutes of occlusion. Results showed that there was no significant difference between the group of 15 minutes and the control group. The group of 30 minutes had significant decrease of state III of mitochondrial respiration compared with control group. The group of 60 minutes had significant decrease in state III and IV of mitochondrial respiration compared with control group. Mitochondrial respiration allowed an early and effective

  4. Expression of HSP70 in cerebral ischemia and neuroprotetive action of hypothermia and ketoprofen Expressão de HSP70 na isquemia cerebral e a ação neuroprotetora da hipotermia e do cetoprofeno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Pretti da Cunha Tirapelli

    2010-08-01

    Full Text Available Heat shock proteins (HSPs are molecular chaperones that bind to other proteins to shepherd them across membranes and direct them to specific locations within a cell. Several injurious stimuli can induce Hsp70 expression, including ischemia. This study aimed to investigate the pattern of expression of protein (immunohistochemistry and gene (real-time PCR Hsp70 in experimental focal cerebral ischemia in rats by occlusion of the middle cerebral artery for 1 hour and the role of neuroprotection with hypothermia (H and ketoprofen (K. The infarct volume was measured using morphometric analysis defined by triphenyl tetrazolium chloride. It was observed increases in the protein (p=0.0001 and gene (p=0.0001 Hsp70 receptor in the ischemic areas that were reduced by H (protein and gene: pProteínas de choque térmico (HSPs são chaperones moleculares que se ligam a outras proteínas para atravessar as membranas e encaminhá-las para locais específicos dentro de uma célula. Vários estímulos nocivos podem induzir a expressão de Hsp70, incluindo isquemia. Este estudo teve como objetivo investigar o padrão de expressão protéica (imunohistoquímica e gênica (PCR em tempo real de Hsp70 na isquemia cerebral focal experimental em ratos pela oclusão da artéria cerebral média durante 1 hora e o papel da neuroproteção com hipotermia (H e cetoprofeno (C. O volume de infarto foi calculado através da análise morfométrica definido por cloreto de trifenil tetrazólio. Foi observado aumento na expressão proteína (p=0,0001 e gênica (p=0,0001 de Hsp70 nas áreas isquêmicas que foram reduzidas pela H (proteína e gene: p<0,05, C (proteína: p<0,001 e H+K (proteína: p<0,01 e gene: p<0,05. O aumento de Hsp70 na área isquêmica sugere que a neuroexcitotoxicidade mediada pela Hsp70 desempenha um papel importante na morte celular e que o efeito neuroprotetor tanto da H quanto do C está diretamente envolvido com a Hsp70.

  5. Influencia del peroxinitrito en los cambios vasculares observados tras la isquemia cerebral focal en rata

    OpenAIRE

    Onetti Vilalta, Yara

    2016-01-01

    Evidencias experimentales demuestran que tras un episodio transitorio de isquemia cerebral focal se inducen cambios estructurales, mecánicos y miogénicos en la pared de las arterias cerebrales, así como un aumento en la producción de peroxinitrito, tanto en los vasos sanguíneos como en el parénquima cerebral. Todas estas alteraciones se han asociado con la expansión del daño cerebral. El peroxinitrito es una especie oxidante/nitrante que, debido a su elevada capacidad de modificar proteínas, ...

  6. La combinación de atorvastatina y meloxicam inhibe la neuroinflamación y atenúa el daño celular en la isquemia cerebral experimental por embolia arterial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lina María De los Reyes

    2014-09-01

    Conclusión. La combinación de meloxicam y atorvastatina atenúa la respuesta de los astrocitos y la microglia en el proceso inflamatorio posterior a la isquemia cerebral por embolia arterial, reduciendo la degeneración neuronal y restableciendo el equilibrio morfológico y funcional del tejido nervioso.

  7. Preconditioning with L-alanyl-L-glutamine in a Mongolian Gerbil model of acute cerebral ischemia/reperfusion injury Pré-condicionamento com L-alanil-L-glutamina em modelo de isquemia/reperfusão cerebral aguda em Gerbils da Mongólia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Leite de Sousa Pires

    2011-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate the effect of L-alanyl-L-glutamine (L-Ala-Gln preconditioning in an acute cerebral ischemia/reperfusion (I/R model in gerbils. METHODS: Thirty-six Mongolian gerbils (Meriones unguiculatus, (60-100g, were randomized in 2 groups (n=18 and preconditioned with saline 2.0 ml (Group-S or 0.75g/Kg of L-Ala-Gln, (Group-G administered into the femoral vein 30 minutes prior to I/R. Each group was divided into three subgroups (n=6. Anesthetized animals (urethane, 1.5g/Kg, i.p. were submitted to bilateral occlusion of common carotid arteries during 15 minutes. Samples (brain tissue and arterial blood were collected at the end of ischemia (T0 and after 30 (T30 and 60 minutes (T60 for glucose, lactate, myeloperoxidase (MPO, thiobarbituric acid reactive substances (TBARS, glutathione (GSH assays and histopathological evaluation. RESULTS: Glucose and lactate levels were not different in studied groups. However glycemia increased significantly in saline groups at the end of the reperfusion period. TBARS levels were significantly different, comparing treated (Group-G and control group after 30 minutes of reperfusion (pOBJETIVO: Investigar o efeito do pré-condicionamento com L-alanil-L-glutamina (L-Ala-Gln em gerbils submetidos à isquemia/reperfusão (I/R cerebral aguda. MÉTODOS: Trinta e seis gerbils (Meriones unguiculatus (60-100g foram divididos em dois grupos (n=18 e pré-condicionados com 2,0 ml de soro fisiológico (Grupo-S ou 0.75g/kg de L-Ala-Gln, (Grupo-G, administrados na veia femoral 30 minutos antes da I / R. Cada grupo foi dividido em três subgrupos (n=6.Animais anestesiados com uretano, 1.5g/kg, ip, foram submetidos à oclusão bilateral das artérias carótidas comuns, durante 15 minutos. Amostras (tecido cerebral e sangue arterial foram coletadas no final da isquemia (T0 e após 30 (T30 e 60 minutos (T60 para a aferição das concentrações de glicose, lactato, mieloperoxidase (MPO, substâncias reagentes ao

  8. Análisis comparativo de marcadores de lesión en modelos de isquemia cerebral focal y global en ratas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ángel Enrique Céspedes

    2013-06-01

    Full Text Available Introducción. Los indicadores espacio-temporales de lesión son esenciales en el estudio neuropatológico y terapéutico de la isquemia cerebral. Objetivo. Optimizar la técnica de dos modelos de isquemia cerebral (focal y global y hacer un análisis comparativo de la progresión del daño cerebral, mediante marcadores de neurodegeneración. Materiales y métodos. Se sometieron ratas Wistar a oclusión temporal de la arteria cerebral media o aoclusión de cuatro vasos, y se evaluaron comparativamente el tiempo quirúrgico, la tasa de supervivenciay la recuperación neurológica. Se utilizó trifenilo de tetrazolio para establecer la distribución del infarto y tinción con Fluoro-Jade B® como marcador de neurodegeneración. La inmunorreacción de la astroglía  se evaluó con el anticuerpo contra la proteína acídica fibrilar de la glía (Glial Fibrillary Acidic Protein,GFAP y el anticuerpo AT-8 contra la proteína tau hiperfosforilada, 24, 48 y 72 horas después de la isquemia. Resultados. Los modelos de isquemia utilizados requirieron menor tiempo quirúrgico y hubo menorriesgo de muerte, respecto a estudios previos. En el modelo focal, las células positivas con Fluoro-Jade B® y los astrocitos reactivos, se evidenciaron en corteza e hipocampo a las 24 horas después de la isquemia. En el modelo global, se observó tinción Fluoro-Jade B® positiva a las 24 horas, aumentando significativamente la reacción de la GFAP a las 72 horas en corteza y a las 48 horas en el hipocampo. La reacción contra la proteína tau hiperfosforilada aumentó progresivamente y fue máxima a las 72horas en ambos modelos. Conclusiones. Los dos modelos de isquemia cerebral, oclusión temporal de la arteria cerebral media y oclusión de cuatro vasos, fueron optimizados. En estos modelos, los marcadores la tinción Fluoro-Jade B® y la GFAP permitieron detectar procesos de neurodegeneración 24 horas después de la isquemia, en tanto el marcador de proteína tau

  9. Efeitos da angiotensina-I e isquemia na recuperação funcional em corações isolados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ubirajara Oliveira de Oliveira

    2011-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ressuscitação de parada cardíaca pode apresentar disfunção miocárdica determinada pelo tempo da isquemia, e a inibição da enzima conversora de angiotensina (ECA pode reduzir a disfunção cardíaca durante a reperfusão. OBJETIVO: Investigar os efeitos da angiotensina-I e diferentes períodos de isquemia na recuperação funcional em corações de ratos isolados. MÉTODOS: Os corações isolados de ratos Wistar (n = 45; 250-300 g foram submetidos a diferentes períodos de isquemia global (20, 25 ou 30 min e reperfundidos (30 min com o tampão Krebs-Henseleit, ou com a adição de 400 nmol/L de angiotensina-I, ou com 400 nmol/L de angiotensina-I + 100 µmol/L de captopril durante o período de reperfusão. RESULTADOS: A derivada positiva máxima de pressão (+dP/dt max e o produto frequência-pressão foram reduzidos nos corações expostos à isquemia de 25 min (~ 73% e à isquemia de 30 min (~ 80% vs. isquemia de 20 min. A pressão diastólica final do ventrículo esquerdo (PDFVE e a pressão de perfusão (PP foram aumentadas nos corações expostos à isquemia de 25 min (5,5 e 1,08 vezes, respectivamente e à isquemia de 30 min (6 e 1,10 vezes, respectivamente vs. isquemia de 20 min. A angiotensina-I ocasionou uma diminuição no +dP/dt max e no produto frequência-pressão (~ 85-94% em todos os períodos de isquemia e um aumento na PDFVE e na PP (6,9 e 1,25 vezes, respectivamente apenas na isquemia de 20 min. O captopril foi capaz de reverter parcial ou completamente os efeitos da angiotensina-I na recuperação funcional nas isquemias de 20 e 25 min CONCLUSÃO: Os dados sugerem que a angiotensina-II participa direta ou indiretamente no dano pós-isquêmico e que a capacidade de um inibidor da ECA atenuar esse dano depende do tempo de isquemia.

  10. La atorvastatina protege las neuronas gabérgicas y dopaminérgicas del sistema nigroestriatal en un modelo experimental de isquemia cerebral focal transitoria en ratas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica María Sabogal

    2014-06-01

    Full Text Available Introducción. La isquemia cerebral es la tercera causa de muerte y la primera de discapacidad permanente en el mundo. La atorvastatina es un fármaco neuroprotector prometedor para el tratamiento de la apoplejía; sin embargo, su acción sobre las poblaciones neuronales del sistema nigroestriatal después de la isquemia aún se desconoce. Objetivo. Evaluar el efecto de la atorvastatina sobre poblaciones gabérgicas y dopaminérgicas en regiones exofocales en un modelo de oclusión transitoria de la arteria cerebral media. Materiales y métodos. Se utilizaron 28 ratas Wistar macho de ocho semanas de edad. Los ejemplares con isquemia simulada y los ejemplares sometidos a isquemia fueron tratados con atorvastatina (10 mg/kg y carboximetilcelulosa (placebo administrados por medio de sonda a las 6, 24, 48 y 72 horas después de la reperfusión. Se analizó la inmunorreacción de la descarboxilasa del ácido glutámico y de la tirosina hidroxilasa en el globo pálido, el putamen caudado y la sustancia negra. Resultados. Los datos confirmaron el daño neurológico y la pérdida celular en el putamen caudado. Se incrementó la inmunorreacción de la tirosina hidroxilasa en el globo pálido medial y la sustancia negra pars reticulata, disminuyendo la inmunorreacción de la descarboxilasa del ácido glutámico en el globo pálido lateral de los animales isquémicos tratados con placebo; sin embargo, el tratamiento con atorvastatina pudo revertirla, lo que logró una disminución significativa de la tirosina hidroxilasa en el globo pálido medial y la sustancia negra pars reticulata y aumentando los niveles de descarboxilasa del ácido glutámico en el globo pálido lateral. Conclusión. Nuestros datos sugieren que la atorvastatina en el tratamiento posterior a la isquemia ejerce neuroprotección en las zonas exofocales, modulando las poblaciones neuronales gabérgicas y dopaminérgicas del sistema nigroestriatal, lo que podría prevenir trastornos neurológicos.

  11. Cerebral ischemia caused by Streptococcus bovis aortic endocarditis: case report Isquemia cerebral causada por endocardite aórtica pelo Streptococcus bovis: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leopoldo Santos-Neto

    2005-09-01

    Full Text Available Cerebral ischemic processes associated with infective endocarditis caused by Streptococcus bovis are rare; only 2 cases having been reported. Here we report a case of a 50-year-old man with S. bovis endocarditis who presented signs of frontal, parietal and occipital lobe cerebral ischemia. This is the first case reported in which the presence of hemianopsia preceded the endocarditis diagnosis. Initially, the clinical manifestations suggested a systemic vasculitis. Later, vegetating lesions were identified in the aortic valve and S. bovis grew in blood cultures. Antibiotic use and aortic valve replacement eliminated the infection and ceased thromboembolic events. A videocolonoscopy examination revealed no mucosal lesions as a portal of entry in this case, although such lesions have been encountered in up to 70% of reported cases of S. bovis endocarditis.A associação de isquemia cerebral e endocardite por Streptococcus bovis é um evento raro, tendo sido publicados apenas 2 casos anteriormente. Nós relatamos o caso de um homem de 50 anos com endocardite por S. bovis que apresentou sinais isquêmicos nos lobos frontal, parietal e occipital. Este é o primeiro caso em que a hemianopsia precedeu o diagnóstico de endocardite. Inicialmente, o quadro foi confundido com vasculite. Posteriormente, foi confirmada a presença de vegetações na válvula aórtica e a hemocultura identificou S. bovis. Os eventos tromboembólicos foram controlados com o uso de antibióticos e a troca da válvula aórtica. Estudo videocolonoscópico não identificou nenhuma lesão, apesar de lesões colônicas serem descritas em até 70% dos casos de indivíduos com endocardite por S. bovis.

  12. Anastomose arterial extra-intracraniana para tratamento de paciente com isquemia cerebral refratária ao manejo clínico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Falavigna Asdrubal

    2004-01-01

    Full Text Available A anastomose extra-intracraniana pode ser utilizada em casos selecionados de insuficiência vascular encefálica refratária ao tratamento clínico. Descrevemos um caso de isquemia encefálica em território de artéria cerebral média direita devida à oclusão da artéria carótida interna homolateral com conseqüente redução da perfusão e reserva vascular nos hemisférios frontal e parietal. Apesar do tratamento clínico, a melhora do déficit motor estava relacionada diretamente com a manutenção de níveis tensionais sistêmicos elevados pelo uso de vasopressor. Após anastomose extra-intracraniana término-lateral entre as artérias temporal superficial e cerebral média direita, houve melhora significativa da perfusão cerebral com remissão do déficit motor.

  13. Isquemia hepÃtica experimental e a aÃÃo da l-alanil-glutamina

    OpenAIRE

    Raimundo Jose Cunha AraÃjo Junior

    2011-01-01

    As estratÃgias para prevenir a lesÃo de isquemia reperfusÃo durante as cirurgias hepÃticas incluem a oclusÃo intermitente do fluxo de sangue ao fÃgado ou a utilizaÃÃo de substÃncias que poderiam causar um efeito protetor ou aumento da resistÃncia do tecido hepÃtico à isquemia. O presente estudo teve o objetivo de avaliar o efeito do uso da L-Alanil-Glutamina (GLN) em Ratus novergicus submetidos à isquemia hepÃtica normotÃrmica, atravÃs de provas bioquÃmicas e imunohistoquÃmicas. Utilizou-se...

  14. Isquemia cerebral: evolución hispatológica en un modelo experimental

    OpenAIRE

    Arango Dávila, César Augusto; Vera González, Alejandro

    2016-01-01

    Introducción: la obstrucción aguda de la Arteria Cerebral Media produce disminución del flujo sanguíneo del territorio de irrigación correspondiente, lo cual desencadena un proceso de muerte y estrés celular que da lugar al foco isquémico y zona de penumbra respectivamente. Modificaciones en el citoesqueleto neuronal, glial y en el inmunofenotipo de la microglia son marcadores sensibles de sufrimiento celular. Has-ta el momento no se ha evaluado la evolución de los diferentes compartimientos ...

  15. Efecto del precondicionamiento oxidativo con ozono en la prevención del daño renal agudo en un modelo de isquemia-reperfusión

    OpenAIRE

    Calunga Fernández, José Luis

    2009-01-01

    Los tejidos sometidos a isquemia reperfusión (I/R) pueden recuperarse, siempre que se logre interrumpir a tiempo, las vías del daño celular involucradas en la I/R. En varias situaciones clínicas el tiempo de isquemia renal sobrepasa los 45 min, tiempo de isquemia en el cual se potencian mecanismos lesivos que interfieren con la adecuada reparación del tejido renal sometido a I/R. Fue interés de nuestra investigación valorar el efecto del precondicionamiento oxidativo con ozono sobre la funci...

  16. Tratamento da isquemia mesentérica pelo pós-condicionamento isquêmico Mesenteric ischemia's treatment by postconditioning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Marques dos Santos

    2008-06-01

    Full Text Available Sabe-se que o pré-condicionamento isquêmico tem a capacidade de minimizar as lesões decorrentes do processo de isquemia e reperfusão. Recentemente foi descrito que o pós-condicionamento isquêmico apresenta resultados semelhantes em isquemia e reperfusão miocárdica, cerebral, renal e da medula espinhal, mas não há relatos de utilização deste método na isquemia mesentérica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar o efeito do pós-condicionamento isquêmico sobre a lesão tecidual na mucosa intestinal de ratos submetidos ao processo de isquemia e reperfusão mesentérica. MÉTODO: Foram estudados 20 ratos Wistar, distribuídos em dois grupos: grupo A, em que se realizou isquemia (30 minutos e reperfusão (60 minutos mesentérica; grupo B, isquemia e reperfusão mesentérica e, precedendo o início da reperfusão, foi realizado o pós-condicionamento isquêmico. Ao final, ressecou-se um segmento do intestino delgado para análise histológica. Avaliaram-se os resultados pela classificação de Chiu e procedeu-se o tratamento estatístico. RESULTADO: As médias dos graus de lesão tecidual foram: grupo A, 3,5; grupo B, 1. A diferença entre os grupos foi considerada estatisticamente significativa (p It is known that the preconditioning has the capacity to minimize the current lesions of the ischemia and reperfusion process. Recently it was described that the postconditioning presents similar results in miocardic ischemia and reperfusion, brain, kidneys and of the spinal cord, but there are no reports of use of this method in the mesenteric ischemia. OBJECTIVE: The objective of this study is to evaluate the effect of the postconditioning on the tissue lesion in the intestinal mucosa of rats submitted to the ischemia and reperfusion process. METHOD: 20 Wistar rats were studied, distributed in two groups: group A, in that was done mesenteric ischemia (30 minutes and reperfusion (60 minutes; group B, mesenteric ischemia and reperfusion

  17. Avaliação de dois modelos experimentais de isquemia e reperfusão cerebral em ratos com oclusão temporária carotídea associada ou não à oclusão vertebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tardini Daniela Mazza Sundefeld

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a reprodutibilidade de dois modelos experimentais de isquemia e reperfusão cerebral. MÉTODOS: 60 ratos foram distribuídos, aleatoriamente, em três grupos experimentais, com 20 animais cada: I - pinçamento temporário de artéria carótida esquerda; II - cauterização prévia das artérias vertebrais e pinçamento temporário da artéria carótida esquerda; simulado - sem isquemia nem reperfusão. Todos os animais tiveram oclusão definitiva de artéria carótida direita e os três grupos foram subdivididos em dois períodos de reperfusão: A - 60 minutos e B - 120 minutos. Os parâmetros verificados foram: medidas de pressão arterial média sistêmica e fluxo sangüíneo carotídeo; medida de malondialdeído cerebral através do teste TBARS e avaliação histológica do hemisfério cerebral submetido à isquemia e reperfusão. Foi feito também um estudo complementar com angiografia cerebral em 5 animais adicionais. RESULTADOS: Não houve diferenças significativas nas dosagens de malondialdeído cerebral e na freqüência e gravidade das alterações histológicas cerebrais entre os três grupos. Nos grupos GI e GII, a PAM foi significantemente maior no período de isquemia. O fluxo sangüíneo entre os períodos pré e pós-pinçamento aumentou nos grupos IA e IIB, diminuiu no grupo IB e no grupo IIA manteve-se inalterado. As angiografias do estudo complementar mostraram aporte sangüíneo para cérebro através de circulação colateral. CONCLUSÃO: Os modelos de isquemia e reperfusão estudados não demonstraram alterações consistentes de marcadores de lesão cerebral, seja quanto à produção de lipoperóxidos ou de lesões histológicas.

  18. [Etiology and risk factors for a first episode of cerebral isquemia in young adults].

    Science.gov (United States)

    Tarazona, B; Ramos, W; Arce, J; Yarinsueca, J; Morales, S; Ronceros, G; Galarza, C; Pérez, J

    2010-10-01

    To determinate the etiology and risk factors for a first episode of cerebral ischemia in young adults at three hospitals of Lima and Callao-Peru. Multicentric study carried out at three national hospitals in Lima. The sample included 30 patients with a first episode of stroke and 60 controls matched by age and sex 2:1 with the patients. Serum biochemistry studies, EKGs and echocardiograms were done. Etiologies were classified based on the classification of Baltimore-Washington Cooperative Young Stroke Study. The most frequent etiologies were cardiac embolism and atherosclerotic valvular heart disease, which were 30% of the cases (9 patients) each one. Hypertriglyceridemia (p=0.014), valvular heart disease (p=0.001) and hormonal contraception/replacement therapy (p=0.002) were independent risk factors for a first episode of cerebral ischemia in peruvian young adults. Motor deficiency was the most frequent presentation (50.0%). Intracraneal hypertension and urinary tract infection were the most frequent complications during acute ischemia and mortality was raised up to 10%. The hypertriglyceridemia, valvular heart disease and the use of oral contraceptives are independent risk factors for a first episode of ischemia in young adults from three hospitals of Lima and Callao. The most frequent etiologies were cardiac embolism and atheroesclerotic valvular heart disease.

  19. Cambios de los receptores de benzodiazepinas en la sustancia negra como consecuencia de lesión del territorio de la arteria cerebral media en un modelo experimental de isquemia con reperfusión en ratas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernán J. Pimienta J.

    2005-03-01

    Full Text Available Se han demostrado cambios remotos o exofocales en la sustancia negra, en modelos experimentales de isquemia focal, con compromiso de la corteza cerebral y el estriado dorsolateral.  Se ha propuesto que estos cambios obedecen al desbalance entre las actividades excitatorias e inhibitoria.

  20. Multiparametric multidetector computed tomography scanning on suspicion of hyperacute ischemic stroke: validating a standardized protocol Avaliação multiparamétrica por tomografia computadorizada multidetectores na suspeita de isquemia cerebral hiperaguda: validando um protocolo padronizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Torres Pacheco

    2013-06-01

    Full Text Available Multidetector computed tomography (MDCT scanning has enabled the early diagnosis of hyperacute brain ischemia. We aimed at validating a standardized protocol to read and report MDCT techniques in a series of adult patients. The inter-observer agreement among the trained examiners was tested, and their results were compared with a standard reading. No false positives were observed, and an almost perfect agreement (Kappa>0.81 was documented when the CT angiography (CTA and cerebral perfusion CT (CPCT map data were added to the noncontrast CT (NCCT analysis. The inter-observer agreement was higher for highly trained readers, corroborating the need for specific training to interpret these modern techniques. The authors recommend adding CTA and CPCT to the NCCT analysis in order to clarify the global analysis of structural and hemodynamic brain abnormalities. Our structured report is suitable as a script for the reproducible analysis of the MDCT of patients on suspicion of ischemic stroke.A tomografia computadorizada multidetectores (TCMD permitiu o diagnóstico precoce de isquemia cerebral hiperaguda. O presente estudo objetivou validar a interpretação e a descrição padronizada de um protocolo de TCMD multiparamétrica em uma série de pacientes adultos. A concordância entre os examinadores foi testada, e seus resultados confrontados com uma leitura padrão. Não foram observados resultados falso-positivos, e foi documentado um elevado grau de concordância (Kappa>0,81 quando os dados da angiotomografia (ATC e dos mapas de perfusão cerebral por TC (PCTC foram adicionados à análise da TC sem contraste (TCSC. A concordância interobservador foi superior para os leitores melhor treinados, corroborando a necessidade de formação específica para a interpretação dos exames. Os autores recomendam acrescer a interpretação da ATC e da PCTC à análise da TCSC, visando à análise global das anormalidades cerebrais estruturais e hemodin

  1. Oligosymptomatic and giant basilar artery dolichoectasia discovered after a stroke: case report Dolicoectasia gigante e oligossintomática da artéria basilar descoberta após uma isquemia: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cynthia Resende Campos

    2007-06-01

    isquemia cerebelar. A tomografia e a ressonância magnética demonstraram uma compressão acentuada do tronco cerebral devido a uma artéria basilar (AB ectásica, tortuosa e preenchida parcialmente por trombo. O maior diâmetro axial da AB tinha 18 mm. A paciente apresentou boa recuperação funcional dentro dos primeiros dois meses após a isquemia, com escore de Rankin modificado (ERM=2. Após um ano, a paciente ainda mantinha as queixas de zumbido e perda auditiva leve à direita, e o ERM ainda se mantinha=2. Chamamos a atenção para um caso raro de DVB gigante que causou impressionante compressão do tronco cerebral, com deslocamento de importantes estruturas, numa paciente oligossintomática. O diagnóstico só foi realizado após a ocorrência da isquemia. Apesar da boa recuperação funcional inicialmente observada, a presença de alterações ateroscleróticas e o grande diâmetro da AB podem indicar um prognóstico ruim. Contudo, após um ano a paciente ainda se mantinha oligossintomática.

  2. SWELLING MITOCONDRIAL EM AMOSTRAS TECIDUAIS DE GATOS SUBMETIDOS À OCLUSÃO DA ARTÉRIA CEREBRAL MÉDIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Câmara RLB

    2001-01-01

    Full Text Available A isquemia cerebral tem sido largamente estudada com intuito de se obter medidas terapêuticas eficazes que minimizem seus efeitos, visto que uma grande quantidade de pacientes, clínicos ou cirúrgicos, apresentam conseqüências freqüentemente irreversíveis da mesma. A escolha de um modelo experimental satisfatório a fim de nortear pesquisas com agentes neuroprotetores tem sido a base desses estudos. No presente trabalho foi escolhido o gato como modelo experimental de isquemia e a avaliação foi realizada através do swelling mitocondrial. Os trinta e dois animais utilizados neste experimento, foram divididos em quatro grupos distintos, cada qual com dez animais sendo submetido a um tempo de isquemia, que aumentou progressivamente (15, 30 e 60 minutos, exceto no último grupo com dois animais e que não foi submetido a nenhum procedimento isquemiante. Foram observadas alterações evidentes nas curvas de swelling mitocondrial energizado nos animais submetidos a 60 minutos de isquemia, quando se comparou amostras do lado isquêmico em relação ao controle, isto ficou ainda mais claro quando se adicionou o antibiótico Alameticina durante os ensaios laboratoriais do swelling mitocondrial. Foi possível chegar às seguintes conclusões: o swelling funciona como indicador de diferenciação mitocondrial entre diversos tecidos; a mitocôndria do cérebro, quando exposta ao efeito da Alameticina, apresenta uma sensibilidade diferenciada em relação às dos outros tecidos; a mitocôndria do cérebro submetido a isquemia durante 60 minutos se torna mais sensível à Alameticina; e finalmente, as mitocôndrias do cérebro apresentam uma instalação extremamente rápida da reversão do swelling.

  3. Efeitos metabólicos da L-alanil-glutamina em ratos submetidos à isquemia da pata traseira esquerda seguida de reperfusão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Torres João Martins de Souza

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Objetivou-se investigar os efeitos metabólicos da L-alanil glutamina no tecido muscular e sangue arterial de ratos Wistar submetidos à isquemia aguda da pata traseira. MÉTODOS: Utilizaram-se 48 ratos machos distribuídos em 4 grupos (1- controle / 2 - experimento, redistribuídos em 2 subgrupos (n=06. Trinta minutos após a injeção de uma solução a 20% de L-alanil-glutamina (0,75mg/ grupo 2 ou solução salina (grupo 1 na veia jugular direita ocluiu-se a artéria ilíaca comum esquerda por 30 minutos, por pinçamento. Amostras musculares e de sangue arterial foram obtidas logo após a remoção da pinça (tempo 0 e 5, 15 e 30 mais tarde. RESULTADOS: Observou-se redução significativa (p < 0,05 da concentração de glicose tissular no animal tratado 15 minutos após o início da reperfusão. Houve aumento significativo das concentrações de glicose (grupo 2 nos tempos 15 min e 30 min em relação ao tempo 0 min. Não houve diferença na glicemia entre os dois grupos. Estes achados sugerem uma maior utilização da glicose pelo músculo isquêmico, através do ciclo malato-aspartato. A ausência de diferenças entre as concentrações de piruvato tissular, comparando-se os 2 grupos poderia ser explicada pelo reduzido tempo de isquemia. CONCLUSÃO: A L-alanil-glutamina estimula a. maior utilização da glicose, via glicólise, pela ativação do ciclo lactato-malato.

  4. Efeitos do alopurinol sobre a lipoperoxidação de membranas celulares renais na síndrome da isquemia e reperfusão: estudo experimental em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhoden Ernani Luís

    1998-01-01

    Full Text Available Objetivo: Vários estudos têm demonstrado que Radicais Livres de Oxigênio (RLO contribuem para o dano celular decorrente da isquemia e reperfusão. Este estudo foi desenvolvido como o objetivo de avaliar os efeitos da isquemia e reperfusão renal em ratos, tratados ou não com alopurinol, sobre a lipoperoxidação (LPO das membranas celulares renais. Método: Foram usados ratos Wistar distribuídos em 4 grupos e submetidos a períodos de isquemia e reperfusão renal ou não, dependendo do grupo. Também foram submetidos ou não a tratamento com alopurinol na dose de 50 e 150 mg/Kg por via intraperitoneal, 5 e 1 horas antes do procedimento. Na avaliação da lipoperoxidação utilizou-se os métodos do TBARS e QL. Resultados: Os resultados demonstraram aumento da LPO nos animais submetidos a isquemia e reperfusão renal. No entanto, estes efeitos deletérios foram reduzidos com o pré-tratamento com alopurinol (p<0,05. Conclusão: O dano causado em animais submetidos a isquemia e reperfusão renal pode ser demonstrado e quantificado pela LPO. Além disso, o alopurinol demonstrou proteção renal contra o dano decorrente desta síndrome, diminuindo a LPO nestes animais. Estes resultados sugerem que a via da xantina oxidase é uma das mais importantes rotas metabólicas envolvidas na geração de RLO, estes responsáveis em parte pelos danos funcionais do rim na síndrome da isquemia e reperfusão deste órgão.

  5. Estudo da isquemia e reperfusão em retalhos cutâneos de ratos The study of the ischemia and reperfusion in skin flaps of rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Alonso Sabino de Freitas

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Múltiplos fatores têm sido implicados na patogênese da lesão de isquemia/reperfusão da pele, incluindo as espécies reativas de oxigênio. OBJETIVO: Estudar a lesão de isquemia/reperfusão em retalhos cutâneos de ratos avaliando os níveis teciduais do malonildialdeído (MDA e xantina oxidase (XO. MÉTODOS: Foram utilizados 8 ratos Wistar, com peso entre 300 - 400g, sendo confeccionados 2 retalhos epigástricos por animal (controle e experimento, um deles submetido à 16h de isquemia (RI seguida de 45 min de reperfusão (RR e o outro controle (RC. Foram colhidas 3 biópsias de pele dos retalhos (RC, RI, RR e encaminhadas para dosagem de MDA e XO. RESULTADOS: A análise bioquímica mostrou aumento significativo dos níveis teciduais de MDA e XO após a reperfusão em relação aos retalhos controles. CONCLUSÃO: Retalhos epigástricos de ratos submetidos à 16h de isquemia e 45min de reperfusão apresentam elevação dos níveis teciduais de MDA e XO, caracterizando a lipoperoxidação da membrana celular.INTRODUCTION: Multiple factors have been implicated in the pathogenesis of reperfusion injury in the skin, including the reactive oxygen species. OBJECTIVE: The aim was to evaluate the effect of reperfusion injury in the rat skin flap evaluated by tissue assay for malonyldialdehyde (MDA and xanthine oxidase (XO. METHODS: 8 Wistar rats were used, between 300-400g weight and two identical epigastric flaps were raised in each animal (control and experiment, the vasculature of one flap was left intact and in the second flap the arterial pedicle was clamped for 16 hours and reperfused for 45 minutes. Skin samples were obtained from each flap after these periods of time and submitted to MDA and XO analysis. RESULTS: Reperfused flaps had significantly increased MDA and XO values compared to the control flaps biopsies. CONCLUSION: The lipid peroxidation levels were higher in the rat epigastric skin flaps subjected to 16 hours of

  6. Avaliação da proteína acídica fibrilar glial como marcador da injúria por isquemia-reperfusão hepática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliano Ancelmo Bento

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a expressão da Proteína Acídica Fibrilar Glial após a injúria por isquemia-reperfusão. MÉTODOS: vinte e quatro ratos foram distribuídos em quatro grupos: Controle, submetidos à anestesia e biópsia hepática; Simulação, injeção de heparina através da veia cava e dissecção do pedículo hepático superior, biópsia após 24 horas; Isquemia 30 minutos, mesmo procedimento do grupo Simulação, acrescido de clampeamento do pedículo hepático superior por 30 minutos; Isquemia 90 minutos, mesmo procedimento do grupo Isquemia 30 minutos, porém com período de clampeamento de 90 minutos. Após 24 horas de observação, os animais foram submetidos à laparotomia e seus fígados avaliados macroscopicamente, microscopicamente, por coloração de Hematoxilina-Eosina (HE e submetidos à análise da expressão da GFAP por Western Blotting. RESULTADOS: Não se observou diferença no aspecto macroscópico dos fígados entre os diferentes grupos experimentais, tendo todos evidenciado morfologia normal. A análise por HE não evidenciou diferenças significativas, no que diz respeito à morfologia lobular. Por outro lado, nos grupos isquemia, foram encontrados infiltrados neutrofílicos e pequenas áreas de necrose. A expressão de GFAP foi semelhante em todos os grupos, seja qualitativamente quanto quantitativamente. CONCLUSÃO: A expressão da Proteína Acídica Fibrilar Glial não se alterou em nosso modelo de isquemia-reperfusão.

  7. Efeito da N-acetilcisteína no pulmão após isquemia hepática em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudio Sérgio Salim

    2002-05-01

    Full Text Available Na síndrome de isquemia e reperfusão os pulmões podem ser alvo de lesão a distância como nos casos de choque, trauma ou ainda nos casos de transplante hepático. Objetivo: Avaliar o efeito protetor da N-acetilcisteína (NAC sobre os pulmões após isquemia hepática. Métodos: Foram utilizados 12 ratos, machos, linhagem EPM-1 Wistar, separados aleatoriamente em dois grupos com seis animais (controle e experimento. Os animais de ambos os grupos foram submetidos à anestesia com cloridrato de quetamina e cloridrato de xilazina. Realizou-se a incisão mediana longitudinal, identificação do hilo hepático e da veia cava caudal. Quinze minutos antes do clampeamento injetou-se solução glicosada a 5% no grupo controle e NAC diluída em solução glicosada a 5% no grupo experimento. Os animais foram mantidos em isquemia hepática durante 30 minutos, sendo em seguida realizada toracotomia e remoção cirúrgica dos pulmões para avaliação histológica com coloração pela hematoxilina-eosina. Resultados: A análise dos cortes do parênquima pulmonar mostrou semelhança nos dois grupos estudados, ocorrendo colapso alveolar, infiltrado neutrofílico, congestão vascular e áreas hemorrágicas, compatíveis com a repercussão sistêmica da isquemia hepática. Conclusão: A NAC não modifica a lesão pulmonar decorrente da isquemia, à microscopia óptica.In ischemia and reperfusion syndrome, the lungs can be the target of remote lesion as it happens in cases of shock, trauma, or liver transplantation. Objective: The aim was to evaluate the effect of N-acetylcysteine (NAC in the lungs following liver ischemia. Methods: 12 male EPM-1 Wistar rats were used, divided into two groups of six animals each (control and experimental. Animals of both groups received anesthesia with ketamine and xylazine. Longitudinal medial incision was performed for identification of the hepatic hilum and caudal vena cava. 5% glucose solution was injected in the control

  8. Public and Private Hospital Care Disparities of Ischemic Stroke in Mexico: Results from the Primer Registro Mexicano de Isquemia Cerebral (PREMIER) Study.

    Science.gov (United States)

    Ruiz-Sandoval, José Luis; Briseño-Godínez, María Eugenia; Chiquete-Anaya, Erwin; Arauz-Góngora, Antonio; Troyo-Sanromán, Rogelio; Parada-Garza, Juan Didier; Ramos-Moreno, Alma; Barinagarrementería, Fernando; Murillo-Bonilla, Luis Manuel; Cantú-Brito, Carlos

    2018-02-01

    Mortality and bad outcome by stroke are higher in developing countries than in industrialized countries. Health-care system efficiency could explain these disparities. Our objective was to identify the impact on short- and middle-term outcomes of patients with acute ischemic stroke (AIS) among public and private Mexican medical care. We analyzed data from patients with AIS included in the Primer Registro Mexicano de Isquemia Cerebral (PREMIER) study. Transient ischemic attacks (TIAs) and ambulatory patients were excluded. Mortality and good outcome were assessed by the modified Rankin Scale (mRS) and analyzed at 1, 3, and 12 months of follow-up. From 1246 patients with AIS included in the registry, 1123 were hospitalized, either in public (n = 881) or in private (n = 242) hospitals. There were no significant differences regarding age and gender. In private settings, patients had a higher educational level, a major frequency of dyslipidemia, a previous stroke and TIA, less overweight and obesity, a sedentary lifestyle, and diabetes; stroke severity, the rate of systemic complications, the length of stay, and in-hospital mortality were also lower; a major frequency of thrombolysis was observed when compared with public hospitals. Our study showed a better outcome (mRS score ≤2) in private scenarios and a higher mortality in patients treated in public hospitals at short- and middle-term follow-ups. A polarized medical practice was observed in the AIS care in this large multicenter cohort of Mexico. There is evidence of an advantage for private scenarios, possibly related with an optimal infrastructure or with a strong patient's economic status. Copyright © 2018 National Stroke Association. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  9. Efeito renoprotetor da estatina: modelo animal de isquemia-reperfusão Renoprotective effect of statin: a ischemia-reperfusion animal model

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Akemi Shibuya Teshima

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: A lesão renal aguda isquêmica, de causa multifatorial, apresenta morbidade e mortalidade alarmantes. A estatina, inibidor de HMG-CoA redutase, tem demonstrado papel renoprotetor, com componente antioxidante, antiinflamatório e vascular. A atividade de heme oxigenase-1 pode ser mediadora desses efeitos pleitrópicos da estatina sobre o rim, ou seja, independente da ação de redução de lipídio. Esse estudo visou avaliar se o efeito renoprotetor da estatina pode ter mecanismo heme de proteção em ratos. MÉTODOS: O modelo isquêmico foi obtido por meio do clampeamento dos pedículos renais bilaterais por 30 minutos, seguido de reperfusão. Foram utilizados ratos Wistar, machos, pesando entre 250-300g, distribuídos nos seguintes grupos: SHAM (controle, sem clampeamento renal; Isquemia; Iquemia+Estatina (sinvastatina 0,5 mg/kg, via oral por 3 dias; Isquemia+Hemin (indutor de HO-1, 1 mg/100g, intraperitoneal 24h antes da cirurgia; Isquemia+SnPP (inibidor de HO-1, 2μmol/kg intraperitoneal 24h antes da cirurgia; Isquemia+Estatina+Hemin e Isquemia+Estatina+SnPP. Foram avaliados a função renal (clearance de creatinina, Jaffé, osmolalidade urinária, peróxidos urinários e a imunohistoquímica para ED-1. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a estatina melhorou a função renal, a osmolalidade urinária, reduziu a excreção de peróxidos urinários e a infiltração de macrófagos em rins de animais submetidos à isquemia renal. O indutor da heme oxigenase-1 e a sua associação com sinvastatina reproduziram o padrão de melhora determinado pela sinvastatina. CONCLUSÃO: O estudo confirmou o efeito renoprotetor da estatina, com ação antioxidante e antiinflamatória, e sugere que esse efeito tenha interface com o sistema heme de proteção renal.OBJECTIVE: Ischemic acute kidney injury (iLRA, with multifatorial cause, presents alarming morbidity and mortality. Statin, HMG-CoA inhibition reductase has shown a renoprotective effect

  10. Infrared imaging contribution for intestinal ischemia detection in wound healing Contribuição da imagem infravermelha para detecção da isquemia intestinal na cicatrização das feridas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osvaldo Malafaia

    2008-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To study thermal variations obtained through infrared image in rats, and to evaluate the relationship between intestinal ischemic time and histopathological findings. METHODS: Thirty Wistar rats were operated after distribution in 5 groups with different times of ischemia. Thermograms were obtained by using a infrared camera. The surgical technique has been standardized for all groups: abdominal cavity opening by a 5cm length incision in the midline, abdominal wall plans section and cavity exposure, and exteriorization of the intestine. In group I (control, it was proceeded only laparotomy without superior mesenteric artery ligature. After first thermogram done, incision was closed with continuing suture. In each rat in groups II, III, IV and V, the superior mesenteric artery was located at its origin on abdominal aorta, dissected and occluded with a vascular microclamp, subjecting the intestine to ischemia in variable times. RESULTS: Rats submitted to a 30 minutes ischemia presented reactive hyperemia, thermal differential of 1.8°C and normal pathological examination. The 1 hour ischemia produced reactive hyperemia with ischemic areas, thermal differential of 1.0°C and injuries at villosities' tips. However, the 90 minutes ischemia had not shown reactive hyperemia with large ischemic areas, thermal differential of -1.0°C and injury in the upper third of the villosities. The 2 hours ischemia demonstrated a severe ischemia, thermal differential of -2.0°C and injury throughout the all villosities' extension. CONCLUSION: It has been possible studying thermal variations through infrared image in rats, showing correlation between thermal response in thermograms, ischemic time and histopathological findings.OBJETIVO: Estudar as variações térmicas obtidas por meio da imagem infravermelha em ratos, e avaliar sua correlação com o tempo de isquemia intestinal e os achados histopatológicos. MÉTODOS: Trinta ratos Wistar foram operados ap

  11. Pathophysiology of mesenteric ischemia/reperfusion: a review Fisiopatologia da isquemia e reperfusão mesentérica: revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nereide Freire Cerqueira

    2005-08-01

    Full Text Available During ischemia, the cell structures are progressively damaged, but restoration of the blood flow, paradoxically, intensifies the lesions caused by the ischemia. The mechanisms of ischemia injury and reperfusion (I/R have not been completely defined and many studies have been realized in an attempt to find an ideal therapy for mesenteric I/R. The occlusion and reperfusion of the splanchnic arteries provokes local and systemic alterations principally derived from the release of cytotoxic substances and the interaction between neutrophils and endothelial cells. Substances involved in the process are discussed in the present review, like oxygen-derived free radicals, nitric oxide, transcription factors, complement system, serotonin and pancreatic proteases. The mechanisms of apoptosis, alterations in other organs, therapeutic and evaluation methods are also discussed.Durante a isquemia, as estruturas celulares são progressivamente lesadas, mas a restauração do fluxo sanguíneo, paradoxalmente, pode agravar o dano celular isquêmico. O mecanismo das lesões de isquemia e reperfusão (I/R ainda não foram completamente definidos e muitos estudos têm sido realizados na tentativa de encontrar uma terapia ideal para I/R mesentérica. A oclusão e a reperfusão das artérias esplâncnicas provocam alteracões locais e sistêmicas derivadas principalmente da liberação de substâncias citotóxicas e da interação entre neutrófilos e células endoteliais. As substâncias envolvidas no processo, como radicais livres derivados do oxigênio, óxido nítrico, fatores de transcrição, sistema complemento, serotonina e proteases pancreáticas, são discutidas na presente revisão. Os mecanismos de apoptose, repercussão sistêmica, terapêutica e métodos de avaliação também são discutidos.

  12. Efeitos da angiotensina-I e isquemia na recuperação funcional em corações isolados Effects of angiotensin-I and ischemia on functional recovery in isolated hearts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ubirajara Oliveira de Oliveira

    2011-11-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A ressuscitação de parada cardíaca pode apresentar disfunção miocárdica determinada pelo tempo da isquemia, e a inibição da enzima conversora de angiotensina (ECA pode reduzir a disfunção cardíaca durante a reperfusão. OBJETIVO: Investigar os efeitos da angiotensina-I e diferentes períodos de isquemia na recuperação funcional em corações de ratos isolados. MÉTODOS: Os corações isolados de ratos Wistar (n = 45; 250-300 g foram submetidos a diferentes períodos de isquemia global (20, 25 ou 30 min e reperfundidos (30 min com o tampão Krebs-Henseleit, ou com a adição de 400 nmol/L de angiotensina-I, ou com 400 nmol/L de angiotensina-I + 100 µmol/L de captopril durante o período de reperfusão. RESULTADOS: A derivada positiva máxima de pressão (+dP/dt max e o produto frequência-pressão foram reduzidos nos corações expostos à isquemia de 25 min (~ 73% e à isquemia de 30 min (~ 80% vs. isquemia de 20 min. A pressão diastólica final do ventrículo esquerdo (PDFVE e a pressão de perfusão (PP foram aumentadas nos corações expostos à isquemia de 25 min (5,5 e 1,08 vezes, respectivamente e à isquemia de 30 min (6 e 1,10 vezes, respectivamente vs. isquemia de 20 min. A angiotensina-I ocasionou uma diminuição no +dP/dt max e no produto frequência-pressão (~ 85-94% em todos os períodos de isquemia e um aumento na PDFVE e na PP (6,9 e 1,25 vezes, respectivamente apenas na isquemia de 20 min. O captopril foi capaz de reverter parcial ou completamente os efeitos da angiotensina-I na recuperação funcional nas isquemias de 20 e 25 min CONCLUSÃO: Os dados sugerem que a angiotensina-II participa direta ou indiretamente no dano pós-isquêmico e que a capacidade de um inibidor da ECA atenuar esse dano depende do tempo de isquemia.BACKGROUND: Cardiac arrest resuscitation can present myocardial dysfunction determined by ischemic time, and inhibition of the angiotensin-converting enzyme (ACE can reduce cardiac

  13. Efeito da deferoxamina na isquemia e reperfusão do fígado remanescente após ressecção hepática parcial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brisotti João Luiz

    2000-01-01

    Full Text Available Particularmente, a utilização de vários tipos de drogas que diminuem os efeitos deletérios do binômio isquemia-reperfusão, tem tornado-se foco de vários estudos experimentais visando possíveis aplicações clínicas. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos da deferoxamina na isquemia e reperfusão sobre o fígado remanescente após ressecção hepática parcial a 70%, avaliando-se váriáveis bioquímicas do sangue: aspartato aminotransferase e alanina aminotransferase;.A amostra de 34 ratos foi dividida em grupos: Grupo HP (n = 8 - submetidos a hepatectomia parcial (HP a 70%; Grupo HPD (n = 4 - submetidos a administração de deferoxamina (40 mg/kg e HP a 70%; Grupo HPI (n = 7 - hepatectomizados (HP a 70% e submetidos a isquemia (40 minutos; Grupo HPID (n = 7 - semelhante ao anterior, porém recebendo previamente deferoxamina; Grupo C (n = 8 - controle, submetido a operação simulada para HP a 70%. A análise estatística entre os diversos grupos foi feita pelos testes de Kruskal - Wallis e de Mann - Whitney, com nível de significância de 5%. Portanto, houve aumento significativo das aminotransferases nos animais submetidos a hepatectomia e a isquemia. Esse aumento foi inibido pela deferoxamina.

  14. Isquemia cerebral como manifestación inicial de un mixoma atrial izquierdo: Reporte de un caso Brain ischemia as initial sign of a left atrial myxoma: Report of one case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis F Osio

    2008-04-01

    Full Text Available Los tumores primarios del corazón son raros; 75% de éstos son benignos y cerca de la mitad de los benignos son mixomas que, en la mayoría de los casos, se encuentran en las cavidades izquierdas. Las manifestaciones clínicas de los mixomas dependen del sitio de localización del tumor. Sin embargo, se afirma que la isquemia cerebral es la manifestación clínica inicial en un tercio de los mixomas atriales. Se presenta el caso de un paciente de género masculino, de 65 años de edad, en quien la primera manifestación clínica de mixoma atrial fue un evento cerebral vascular isquémico.Primary heart tumors are rare; 75% of them are benign and almost half of the benign ones are mixomas that in most cases are located in the left cavities. Clinical manifestations of myxomas depend on its localization site. Nevertheless, it is accepted that brain ischemia is the initial clinical manifestation in a third of atrial myxomas. The case of a 65 years old male patient in whom the first clinical manifestation of an atrial myxoma was an ischemic cerebrovascular event, is presented.

  15. Lipoperoxidación de membranas y daño ultraestructural por estrés oxidativo en isquemia-reperfusión miocárdica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Milei

    2006-01-01

    Full Text Available Introducción En modelos experimentales, la formación de especies reactivas del oxígeno durante la reperfusión posisquémica induce “estrés oxidativo” que afecta al miocardio. Dado que los pacientes sometidos a cardioplejía sufren isquemia-reperfusión, se sugirió que en ellos habría estrés oxidativo. Sin embargo, este fenómeno aún no se ha caracterizado correctamente. Objetivo El propósito del presente trabajo fue correlacionar la liberación de glutatión (el paso inicial de estrés oxidativo con marcadores de progresión del daño oxidativo, como peroxidación de lípidos de membrana y desarrollo de alteraciones ultraestructurales. Material y métodos En 24 pacientes sometidos a cirugía de puente aortocoronario se investigaron cambios en varios marcadores de estrés oxidativo y daño tisular durante la reperfusión posisquémica. Se obtuvieron muestras de sangre y biopsias cardíacas basales y luego de la reperfusión a 40,9 ± 11,9 minutos de la cardioplejía. La liberación de glutatión basal fue insignificante (0,02 ± 0,04 µmol/L, pero aumentó a los 15 minutos de la reperfusión (1,10 ± 0,40 µmol/L; p < 0,05; también disminuyeron los niveles tisulares de ubiquinol, de 144,5 ± 52 a 97,6 ± 82 nmol/g (p < 0,05. Aunque estos cambios documentan el estrés oxidativo cardíaco, no hubo alteraciones bioquímicas indicativas de daño celular, ya que no se produjo un incremento de marcadores de peroxidación lipídica, tanto en sangre del seno coronario como en las biopsias cardíacas. Tampoco se observaron alteraciones ultraestructurales importantes. Conclusiones A pesar de observarse estrés oxidativo en pacientes sometidos a cirugía cardíaca, en las condiciones descriptas, no induce lesiones progresivas de membranas ni daño celular irreversible

  16. As bases experimentais da lesão por isquemia e reperfusão do fígado: revisão The experimental basis of hepatic ischemia-reperfusion injury: review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Eduardo C. Miranda

    2004-01-01

    Full Text Available O transplante hepático tornou-se o procedimento de escolha para o tratamento da doença hepática terminal. Não obstante o sucesso da cirurgia, a disfunção pós-operatória do fígado enxertado ainda representa importante causa de morbidade e mortalidade. O restabelecimento do fluxo sangüíneo ao fígado recém transplantado impõe a ele nova agressão, agravando a lesão causada pelo período de isquemia. Este fenômeno pouco compreendido é conhecido como lesão por isquemia e reperfusão e envolve disfunção endotelial, seqüestro de leucócitos e agregação de plaquetas, lesão por radicais livre de oxigênio, e distúrbios da microcirculação hepática. Essa revisão discute os vários aspectos fisiopatológicos que estão envolvidos na lesão por isquemia e reperfusão do fígado.Hepatic transplantation has become the main treatment for patients with terminal hepatic disease. Whatever the success of such surgery, the hepatic dysfunction associated with liver transplantation is an important cause of morbidity and mortality. Paradoxically, on restoring the blood supply, the liver is subjected to a further insult, aggravating the injury already caused by ischemia. This complex phenomenon is termed ischemia-reperfusion injury and involves endothelial cell dysfunction, leukocyte entrapment, platelet aggregation, oxidant stress and hepatic microcirculatory perfusion failure. This review discusses the physiopathlogicals mechanisms of liver ischemia-reperfusion injury.

  17. Isquemia hepática normotérmica em ratos: estudo da lesão celular através do uso de clampeamento pedicular contínuo e intermitente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Neves da Silva

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as alterações bioquímicas decorrentes da isquemia hepática normotérmica, seguida de reperfusão em duas modalidades de clampeamento da tríade portal em ratos. MÉTODO: Trinta ratos Wistar machos pesando entre 250 e 320 gramas foram divididos em três grupos de 10 animais cada. Induzimos 40 minutos de isquemia hepática por clampeamento pedicular contínuo (grupo I ou intermitente (grupo II. No grupo controle não houve clampeamento. Como parâmetro de lesão hepatocelular adotamos a concentração plasmática de: transaminase glutâmico oxalacética (TGO, transaminase glutâmico pirúvica (TGP e lactato desidrogenase (LDH. Colhemos as amostras de sangue no início (T1 e no final da cirurgia (T2. Todos os animais foram submetidos ao mesmo tempo operatório: 60 minutos. RESULTADOS: Não houve diferença estatística nos valores iniciais (T1 das três enzimas nos três grupos. Todos apresentaram aumento significativo das enzimas do momento 1 (T1 para o momento 2 (T2. Houve diferença estatística no aumento médio de TGO e TGP entre os três grupos, sendo o maior aumento encontrado no grupo I e o menor, no grupo controle. Não houve diferença significativa, em relação à LDH, entre o grupo II e o grupo controle. No grupo I, entretanto, houve aumento significativo em relação aos demais. Conclusão: Comparado ao clampeamento contínuo, para um período total de 40 minutos de isquemia, o clampeamento da tríade portal em ratos realizado de forma intermitente, com ciclos de 10 minutos de isquemia e 5 minutos de reperfusão, provoca menor dano hepatocelular, o que foi constatado pela menor alteração enzimática.

  18. O achatamento da curva do pulso de oxigênio durante o teste de esforço cardiopulmonar pode detectar isquemia miocárdica extensa em pacientes com capacidade funcional preservada

    OpenAIRE

    Eva Cantalejo Munhoz

    2006-01-01

    Introdução - O achatamento da curva do pulso de oxigênio durante o teste de esforço cardiopulmonar com cargas progressivas tem sido proposto para melhorar a acurácia diagnóstica da isquemia miocárdica induzida pelo esforço. Entretanto, este critério não foi formalmente avaliado em pacientes de baixo risco, para os quais a melhora da acurácia diagnóstica pode ser clinicamente mais relevante. Objetivo - Testar a hipótese de que o achatamento da curva do pulso de oxigênio durante o teste de esfo...

  19. Effect of glutamine on the total antioxidant system of rats subjected to renal ischemia and reperfusion Efeito da glutamina no sistema antioxidante total de ratos submetidos a isquemia e reperfusão renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Torezan Gouvêa Junior

    2011-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the protective effects of glutamine administered before renal ischemia-reperfusion on plasma antioxidant protection, and lung and renal tissue injury. METHODS: 33 rats underwent right nephrectomy. On the eighth postoperative day, animals were randomized into three groups (n=11: glutamine, control and sham. Each group of animals received, by gavage, a particular diet for 7 days. On day 14 following nephrectomy, the animals were subjected to left renal ischemia-reperfusion. After this, blood samples were collected and the animals were killed. At necropsy the kidney and lung were removed for histology. RESULTS: The levels of total antioxidant capacity were higher in the glutamine group and control group compared with the sham group. The levels of glutathione peroxidase in both the sham and glutamine groups were higher when compared with the control group (pOBJETIVO: Avaliar os efeitos na proteção antioxidante plasmática e na lesão tecidual renal e pulmonar da glutamina oral administrada precedendo a isquemia/ reperfusão renal. MÉTODOS: Trinta e três ratos foram submetidos à nefrectomia à direita. No oitavo dia de pós-operatório, os animais foram randomizados em três grupos (n=11: glutamina, controle e sham. Cada grupo de animal recebeu por gavagem uma dieta distinta por sete dias. Ao final do 14º dia da nefrectomia procedeu-se a isquemia renal esquerda e posterior reperfusão. A seguir procedeu-se a coleta de sangue, eutanásia e retirada do rim e pulmões para análise histológica. RESULTADOS: Os níveis de capacidade antioxidante total foram maiores no grupo glutamina e grupo controle em relação ao grupo sham. Os níveis de glutationa peroxidase nos grupos sham e glutamina foram mais elevados quando comparados com o grupo controle (p<0,05. A dosagem de superóxido dismutase foi maior no grupo sham quando comparado com os grupos glutamina e controle. Não houve diferença na análise histológica do rim e pulm

  20. Estudo da fração inspirada de oxigênio na isquemia-reperfusão pulmonar em ratos Study of ventilation with different inspired oxygen concentration on lung ischaemia-reperfusion injury in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael José Silveira

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar o efeito das frações inspiradas de oxigênio (FiO2 a 0,21, 0,40 e 1,00 na isquemia-reperfusão pulmonar. MÉTODOS: Foram utilizados 40 ratos Wistar, distribuídos aleatoriamente em quatro grupos. O grupo I foi o controle e, nos grupos II, III e IV, os animais foram ventilados durante a isquemia-reperfusão com FiO2 a 0,21, 0,40 e 1,00 respectivamente. O modelo utilizado foi de isquemia-reperfusão normotérmica, in situ. O tempo de isquemia foi de 30 minutos e o de reperfusão, de 10 minutos. Como parâmetros de avaliação, utilizou-se a pressão arterial média sistêmica (PAM, a relação entre a pressão parcial de oxigênio e a fração inspirada de oxigênio (PO2/FiO2, a dosagem da glutationa reduzida (GSH e das substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS no tecido pulmonar e a relação entre o peso pulmonar úmido e o peso pulmonar seco. RESULTADOS: Os resultados mostraram que a ventilação com FiO2 a 0,21, quando comparada à ventilação com FiO2 a 0,40 e 1,00, durante o período de isquemia-reperfusão, apresentou menor diminuição da PAM, melhor relação PO2/FiO2, maior valor na medida da GSH, menor produção das TBARS e menor formação de edema pulmonar. CONCLUSÃO: A ventilação com baixa FiO2 (0,21 mostrou melhores resultados quando comparada àquelas realizadas com FiO2 mais elevadas (0,40 e 1,00 na isquemia-reperfusão pulmonar.PURPOSE: To evaluate the FiO2 effect at 0,21, 0,40 and 1,00 on the lung ischaemia-reperfusion injury. METHODS: Forty Wistar rats were randomly allocated in 4 groups. The group I was the control one, and in groups II, III, IV rats were ventilated during the ischaemia-reperfusion at 0,21, 0,40 and 1.00 FiO2 respectively. The ischaemia time was 30 minutes and the reperfusion time was 10 minutes. The model used was normothermic ischaemia-reperfusion, in situ. As assessment parameters, the systemic average arterial pressure (PAM, the oxygen arterial partial pressure

  1. Cyclosporine action on kidneys of rats submitted to normothermic ischaemia and reperfusion Ação da ciclosporina em rins de ratos submetidos à isquemia normotérmica e reperfusão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adauto José Cologna

    2008-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To verify if rat kidneys lesioned by ischaemia followed by reperfusion are affected by cyclosporine A (CsA. METHODS: Male Wistar rats were randomly divided into three groups, control (GS and experimental (G1 and G2. G1 was subdivided in two: G1A composed of animals submitted to 60 minutes ischaemia and G1C with the same ischaemic procedure associated to 20 mg/kg/day CsA. Group G2 was subdivided and treated in the same way as G1 except that ischaemia was applied only for 40 minutes. Clamping the left renal artery followed by right side nephrectomy induced kidney ischaemia. Serum urea and creatinine were quantified on the day of surgery (D0 and in the following day (D1. Twenty four hours after reperfusion the left kidney was removed and histologically analyzed. RESULTS: Group GS had normal values for urea and creatinine both on D0 and D1 and did not show structural alterations. Renal function was not significantly different when G2C was compared to GS (p>0.05. Tissue lesions were smaller in G2C than in the other groups. CONCLUSIONS: Renal function was protected by CsA, which also reduced tissue lesions in the kidneys of rats submitted to 40 minutes ischaemia.OBJETIVO: Verificar se a ciclosporina A (CsA afeta a lesão provocada pela isquemia seguida de reperfusão em rins de ratos. MÉTODOS: Ratos Wistar machos foram separados em grupos: 1 grupo controle (GS e 2 grupos experimentais (G1 e G2. O G1 foi dividido em G1A - isquemia de 60 minutos; e G1C - isquemia de 60 minutos associada a 20 mg/kg/dia de CsA. O G2 foi dividido em G2C semelhante ao G1, exceto pelo tempo de isquemia de 40 minutos. A isquemia renal foi provocada pelo pinçamento da artéria renal esquerda, após o procedimento, foi realizada a nefrectomia direita. Dosagem de uréia e creatinina séricos foram feitos no dia da cirurgia (D0 e no dia seguinte (D1. Após 24 horas de reperfusão o rim esquerdo foi removido para análise histológica. RESULTADOS: No GS não foram

  2. Avaliação do pós-condicionamento isquêmico no tratamento da isquemia mesentérica: estudo experimental em ratos Evaluation of ischemic postconditioning effect on mesenteric ischemia treatment: experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Marques dos Santos

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito do pré e pós-condicionamento isquêmico sobre a lesão tecidual na mucosa intestinal de ratos submetidos ao processo de isquemia e reperfusão mesentérica. MÉTODOS: Foram estudados 30 ratos Wistar, distribuídos em três grupos: grupo A, em que se realizou isquemia (30 minutos e reperfusão (60 minutos mesentérica; grupo B, isquemia e reperfusão mesentérica precedidos pelo pré-condicionamento isquêmico por três ciclos de isquemia e reperfusão com duração de dois minutos cada; grupo C, isquemia e reperfusão mesentérica e, precedendo o início da reperfusão, foi realizado o pós-condicionamento isquêmico por três ciclos de reperfusão e isquemia com duração de dois minutos cada. Ao final, ressecou-se um segmento do intestino delgado para análise histológica. Avaliaram-se os resultados pela classificação de Chiu et al. e procedeu-se ao tratamento estatístico. RESULTADOS: As médias dos graus de lesão tecidual segundo a classificação de Chiu et al. foram: no grupo A, 3,5; grupo B, 1,2; grupo C, 1. A diferença entre o resultado do grupo A com os resultados dos grupos B e C foi considerada estatisticamente significativa (P OBJECTIVE: To assess the preconditioning and postconditioning effect on intestinal mucosal lesions in rats undergone mesenteric ischemia and reperfusion procedure. METHODS: Thirty Wistar rats were studied and divided into three groups: Group A, 10 rats undergone mesenteric ischemia (30 minutes and reperfusion (60 minutes; Group B, 10 rats undergone mesenteric ischemia and reperfusion preceded by ischemic preconditioning for three cycles of ischemia and reperfusion for two minutes each; Group C, 10 rats undergone mesenteric ischemia and reperfusion and, preceding the beginning of reperfusion, ischemic postconditioning was performed for three cycles of reperfusion and ischemia for two minutes each. Then, a segment of small intestine was resected for histological analysis. We

  3. Assessment of gait dynamics in rats submitted to limb ischemia Avaliação da dinâmica da marcha em ratos submetidos à isquemia de membro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eli Piccinato

    2011-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To describe a method for the assessment of gait dynamics in rats submitted to limb ischemia. METHODS: Twenty-four male Wistar rats (150-160g were used. Twelve animals were submitted to limb ischemia by ligation of the common left iliac artery (ischemic group: n = 12; and a sham-operated group was used as control (n=12. After a recovery period of 6 weeks, gait dynamics was assessed by counting the complete footprints and the number of hindlimb-floor contacts during a treadmill test for five minutes at a speed of 12 m.min-1 and angulation of 15°. The number of contacts of the left hindlimb was divided by the right hindlimb values (LRR for group comparisons. Ischemic disability was quantified by comparing the area under curve (AUC created by plotting each contact versus time for each hindlimb. The left hindlimb ischemic disability index (LHDI, which was compared between groups, was defined by the formula: LHDI = (1- AUC left / AUC right x 100. RESULTS: Surgery was well tolerated by all animals. Rats did not suffer tissue loss or ulcerations. Complete footprint LRR was 0.3 ± 0.08 for the ischemic group and 1.3 ± 0.9 for controls (p=0.0043. Number of contacts LLR was 0.5 ± 0.2 for the ischemic group and 1.0 ± 0.1 for the control group (p=0.0051. LHDI was 56.83 ± 10.67 for the ischemic group and 2.50 ± 13.10 for the control group (P = 0.031. CONCLUSION: Assessment of gait dynamics in rats submitted to limb ischemia could be done by footprint analysis and hindlimb contact recording during a treadmill test.OBJETIVO: Descrever um método para avaliar a dinâmica da marcha em ratos submetidos à isquemia de membro pélvico. MÉTODOS: Vinte e quatro ratos Wistar machos (150-160g foram utilizados neste estudo experimental. Doze animais foram submetidos à isquemia de membro pélvico por meio da ligadura da artéria ilíaca comum esquerda (grupo isquêmico: n=12; e doze animais foram submetidos à cirurgia simulada e usados como controle

  4. Efeito protetor da criocardioplegia cristalóide na isquemia global e reperfusão durante circulação extracorpórea: um mecanismo dependente do endotélio?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ÉVORA Paulo Roberto B

    1997-01-01

    Full Text Available Estudos prévios demonstraram que o comprometimento da produção de EDRF/NO mediada por receptores, após isquemia global e reperfusão, possa ser devido a uma disfunção de G-proteínas que liga os receptores da célula endotelial à via da síntese de EDRF/NO. O presente trabalho experimental sugere que a criocardioplegia cristalóide, associada a hipotermia tópica, previne ou pode reverter, em parte, a disfunção endotelial nas mesmas condições. Mais estudos serão necessários para conclusões mais definitivas, pois as análises estatísticas mais acuradas sugeriram aumento da amostragem. Este detalhe talvez seja devido às grandes dificuldades de uniformização relacionada a este tipo de experimentos. Além disso, demonstrou-se pela primeira vez que a hipotermia, por si só, pode estimular a liberação de EDRF/NO pelo endotélio vascular. Isto sugere que o endotélio possa ser um importante sensor de mudanças da temperatura sangüínea e tem importantes implicações para o entendimento da fisiologia da CEC e dos mecanismos locais de auto-regulação.

  5. Study of warm ischemia followed by reperfusion on a lower limb model in rats: effect of allopurinol and streptokinase Estudo da isquemia quente e reperfusão em membro inferior de ratos: efeito do allopurinol e estreptokinase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Sacramento Cunha

    2005-06-01

    çamento vascular e posterior reperfusão após isquemia quente de 0, 2, 4, 6 e 8 horas formou os grupos M0, M2, M4, M6 e M8 respectivamente. Outros grupos E1, E2 e E3 receberam, respectivamente, alopurinol, estreptoquinase e a combinação de ambas as drogas, após seis horas de isquemia. RESULTADOS: As taxas de viabilidade dos membros isquêmicos, observadas após sete dias foram: M0 - 100%, M2 - 80% ,M4 - 64%,M6 - 50% e M8 - 20%. As taxas de viabilidade dos grupos experimentais foram 67%(E1, 70%(E2 e 70%(E3. Os grupos M0, M2, M4, M6 e M8 foram diferentes entre si exceto os grupos M4 e M6. E1, E2 e E3 resultaram em viabilidade de membros maiores que M6(controle, mas não em relação ao M2 e M4. DISCUSSÃO: Os resultados sugerem um aumento da viabilidade de membros após 6 horas de isquemia quando utilizado os fármacos alopurinol ou estreptoquinase. A associação de estreptoquinase e alopurinol não mostrou efeito adicional.

  6. Efeito da hidrocortisona sobre a lesão de reperfusão e reparação da mucosa após isquemia venosa experimental no jejuno de eqüinos Effect of hydrocortisone on reperfusion injury and on mucosal repair after experimental venous ischemia in the equine jejunum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.E.S. Alves

    2003-10-01

    Full Text Available Os efeitos do succinato sódico de hidrocortisona (SSH nas lesões de isquemia e reperfusão no jejuno foram estudados em 12 eqüinos submetidos a isquemia total arteriovenosa e venosa no jejuno. Após uma hora de isquemia, seis eqüinos receberam 4,0mg/kg/IV de SSH (grupo T e os demais receberam placebo (grupo NT. Foram colhidas amostras para avaliação histomorfológica após uma e duas horas de isquemia e uma, duas e 12 horas de reperfusão, sendo as alterações quantificadas por meio de escores. Os escores para infiltração de neutrófilos, edema e hemorragia foram equivalentes entre os grupos T e NT. No segmento submetido a isquemia venosa o agravamento da lesão na mucosa durante a reperfusão foi significativo (PIn order to evaluate the effect of hydrocortisone sodium succinate (HSS for treatment of intestinal ischemia-reperfusion, 12 halothane-anesthetized horses were subjected to both venous and arteriovenous ischemia of the jejunum. After one hour of ischemia, HSS (4.0 mg/kg/IV was administered to six animals (T group. The other six horses received saline (NT group. Biopsy specimens were obtained after one and two hours of ischemia, and one, two and 12 hours after reperfusion. These samples were evaluated to assess the degree of mucosal damage and infiltration of neutrophils, hemorrhage, and edema. The scores for neutrophil infiltration, edema and hemorrhage did not differ between T and NT groups in both models of ischemia. However, in the jejunum subjected to venous ischemia, the scores for mucosal lesion increased significantly (P<0.05 after two hours of reperfusion only in the NT group, indicating that HSS prevented reperfusion injury. The scores for mucosal damage were equivalent after 12 hours of reperfusion following arteriovenous ischemia in T and NT groups. In contrast, mucosal lesion due to venous ischemia were more severe in the NT group (P<0.01, indicating that intestinal repair was stimulated by HSS. These results

  7. Estudio de marcadores biológicos asociados al desarrollo de edema en la isquemia cerebral: estudio clínico-experimental

    OpenAIRE

    Moldes Miguélez, Octavio

    2011-01-01

    En los países occidentales el ictus es la  segunda causa de muerte y la primera causa deincapacidad en el adulto. Uno de los factoresque más contribuye al deterioro de los  pacientes es el edema cerebral, por lo que esnecesario la búsqueda de marcadores  biológicos, que puedan predecir el desarrollode edema cerebral, y puedan ser nuevas dianas  terapéuticas en el tratamiento del edema  cerebral. La endotelina‐1 (ET‐1), péptido vasoconstrictor de larga duración, es producida en las células ...

  8. The intestinal tract as the major source of interleukin 6 production during abdominal aortic clamping and hind limb ischaemia-reperfusion injury O trato intestinal como a principal fonte na producao de interleucina 6 durante clampeamento da aorta abdominal e lesão de isquemia/rererfusão de membros inferiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Benedito Palma Pimenta

    2007-01-01

    Full Text Available PURPOSE: The aim of this study was to investigate whether the hind limbs or intestinal tract is the most important initiator of the inflammatory response secondary aortic clamping and hind limb ischemia/reperfusion injury. METHODS: Blood samples of Wistar rats obtained from posterior cava vein, portal vein, and heart cavity during either laparotomy (control group, n=8 or laparotomy + 2 h of aortic clamping and bilateral hind limb ischemia (ischemia group, n=8, or 2 h after ischemia and 2 h of reperfusion (ischemia-reperfusion group, n=8 were assayed for interleukin 6 (IL-6 and C-reactive protein (CRP. RESULTS: Serum IL-6 at the heart (223.6±197.9 [10-832] pg/mL was higher (pOBJETIVO: Investigar qual o principal mediador da resposta inflamatória na lesao de isquemia/reperfusão após clampeamento da aorta abdominal e isquemia dos membros inferiores: o intestine ou as extremidades inferiores. MÉTODOS: amostra de sangue de ratos Wistar coletados da cava posterior, porta e cavidade cardíaca during tanto laparotomia (grupo controle n=8 ou laparotomia + 2 horas de clampeamento aórtico e isquemia bilateral de membros posteriores (grupo isquemia n=8, ou 2 h de isquemia seguido por 2 horas de reperfusão (grupo isquemia/reperfusão n=8, onde foram dosados interleucina 6 e proteína C-reativa. RESULTADOS: Il-6 no coração (223.6±197.9 [10-832] pg/mL foi maior (p<0.001 tanto na veia porta (133.08±108.52 [4-372] pg/mL quanto na veia cava posterior (127.58±109.15 [8-388] pg/mL. PCR não foi significativamente diferente entre os grupos. CONCLUSÃO: o trato intestinal foi responsável pela resposta inflamatória secundária a lesão de isquemia/reperfusão.

  9. Effect of hyperbaric oxygen therapy on liver function during intermittent ischemia Efeito da oxigenoterapia hiperbárica sobre a função hepática na isquemia intermitente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Botigeli Baldim

    2013-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To analyze the effects of hyperbaric oxygen therapy on liver function in rats previously subjected to ischemia and reperfusion. METHODS: A randomly distribution of 23 Wistar rats was conducted into three groups: SHAM, animals subjected to surgical stress without restricting blood flow by clamping the hepatic pedicle, IR, rats underwent hepatic vascular occlusion intermittently for two complete cycles of 15 minutes of ischemia followed by 5 min of reperfusion, IR / HBO, rats underwent hepatic pedicle clamping and thereafter exposed to hyperbaric oxygen pressure of 2 absolute atmospheres for 60 minutes. We evaluated liver function through mitochondrial function, determined by the stages 3 and 4 of respiration, respiratory control ratio (RCR and mitochondrial permeability transition (Swelling. Serum alanine aminotransferase (ALT and aspartate aminotransferase (AST were also quantified . We analyzed the results using the Mann-Whitney test and were considered significant all results with p OBJETIVO: Analisar os efeitos da oxigenoterapia hiperbárica sobre a função hepática de ratos previamente submetidos à isquemia e reperfusão. MÉTODOS: Realizou-se a distribuição aleatória de 23 ratos Wistar em três grupos: SHAM, animais submetidos ao estresse cirúrgico sem restrição de fluxo sanguíneo por clampeamento do pedículo hepático; IR ratos submetidos a oclusão vascular hepática de maneira intermitente em dois ciclos completos de 15 minutos de isquemia, seguidos por 5 min de reperfusão; IR/HBO, ratos submetidos ao clampeamento do pedículo hepático e ,ulteriormente , expostos a oxigenoterapia hiperbárica a pressão de 2 atmosferas absolutas durante 60 minutos. Avaliou-se a função hepática através da função mitocondrial, determinada pelos estados 3 e 4 da respiração mitocondrial, razão de controle respiratório(RCR e transição de permeabilidade mitocondrial (Swelling .Quantificou-se também alanina aminotransferase e

  10. Comparação entre frutose-1,6-bisfosfato e solução da Universidade de Wisconsin na preservação de fígados de ratos : a proteção contra o dano precoce isquemia/reperfusão

    OpenAIRE

    Raquel Scherer de Fraga

    2007-01-01

    Frutose-1,6-bisfosfato (FBP) é um intermediário energético da rota glicolítica que vem sendo estudado como protetor celular em diversas situações patológicas, como choque séptico, e em modelos experimentais de isquemia/reperfusão em diferentes órgãos. Este estudo comparou solução de FBP com a solução da Universidade de Wisconsin (UW) durante a isquemia a frio e após a reperfusão. Ratos adultos Wistar machos foram divididos em dois grupos experimentais de acordo com as diferentes soluções de p...

  11. O sujeito cerebral e o movimento da neurodiversidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ortega

    2008-10-01

    Full Text Available Este artigo analisa o movimento da neurodiversidade organizado basicamente por autistas chamados de alto funcionamento que consideram que o autismo não é uma doença a ser tratada, mas uma diferença humana, a qual deve ser respeitada como outras diferenças. O movimento da "neurodiversidade" deve ser inserido em um marco sociocultural e histórico mais amplo que incorpore o impacto crescente no imaginário cultural dos saberes e das práticas neurocientíficas com o paradigma do sujeito cerebral e a expansão da neurocultura. No contexto do sujeito cerebral, o cérebro responde por tudo o que outrora costumávamos atribuir à pessoa e vem se tornando um critério biossocial de agrupamento fundamental. O artigo mostra como uma ideologia solipsista, reducionista e cientificista - o sujeito cerebral - pode servir de base para a formação de identidade e de redes de sociabilidade e comunidade.This article analyzes the neurodiversity movement, organized mostly by so-called high-functioning autists, who consider that autism is not a disease to be treated, but rather a human difference that should be respected alongside other differences. The "neurodiversity" movement must be set within a wider sociocultural and historical field that incorporates the growing impact of neuroscientific knowledge and practices in the cultural imagination with the paradigm of the cerebral subject and the expansion of neuroculture. In the context of the cerebral subject, the brain accounts for all that we used to attribute to the person, and it is becoming a fundamental criterion for biosocial grouping. The article shows how a solipsist, reductionist and scientificist ideology - the cerebral subject - can act as the basis for the formation of identity and networks of sociability and community.

  12. Is subdiaphragmatic aortic cross-clamping a suitable model for spinal cord ischemia/reperfusion injury study in rats? O pinçamento sub-diagragmático da aorta é um modelo adequado para o estudo da lesão medular de isquemia/reperfusão em ratos?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Elizabeth Lopez Carrillo

    2006-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the efficacy of subdiaphragmatic aortic cross-clamping in an experimental model of ischemia/reperfusion injury of the spinal cord in albino rats. METHODS: Thirty-six male Wistar rats were randomized in two groups (n=18: G-1 (Sham and G-2 (Ischemia/Reperfusion, I/R. G-2 rats were submitted to 30 min subdiafragmatic aortic cross-clamping. G-1 rats served as controls and were submitted to surgical trauma (laparotomy without ischemia. Samples (spinal cord and arterial blood were collected at the end of ischemic period and 10 (T-10 and 20 (T-20 min later in G-2 rats. Sham rats (G-1 samples were collected at the same time-points. Blood and tissue metabolites concentrations of pyruvate, lactate, glucose and medullary adenosine triphosphate (ATP were assayed. RESULTS: Blood and tissue concentrations of pyruvate and glucose as well as lactate and medullary ATP were not different when comparing G1 to G2. Lactacemia was significantly elevated in G-2 compared with G-1 rats during reperfusion (T-10. CONCLUSION: Subdiaphragmatic aortic cord cross-clamping is not a suitable rat model for spinal cord ischemia/reperfusion injury study as it does not ensure changes in in vivo tissue metabolites concentrations similar to those found in tissues subjected to ischemia/reperfusion.OBJETIVO: Avaliar a eficácia do pinçamento da aorta subdiafragmática no modelo experimental de isquemia/reperfusão da medula espinhal em ratos. MÉTODOS: Trinta e seis ratos Wistar, machos, foram aleatoriamente distribuídos em 2 grupos (n=18 e submetidos ao pinçamento subdiafragmático da aorta, durante 30 minutos (Grupo-2 -Isquemia/Reperfusão. Os ratos do Grupo-1 (G-1 - Sham foram utilizados como controles e submetidos a laparotomia sem pinçamento arterial. As amostras (medula e sangue arterial foram coletadas ao término do período de isquemia (T-0 e 10 (T-10 e 20 (T-20 minutos mais tarde e nos mesmos intervalos, no grupo G-1. As concentrações teciduais e

  13. Tratamento da Isquemia Mesentérica Crônica através da Angioplastia do Tronco Celíaco: Série de Casos / Treatment of Chronic Mesenteric Ischemia through Celiac Trunk Angioplasty: Case Series

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dante Togeiro Bastos Filgueiras

    2016-09-01

    Full Text Available Introdução: A estenose aterosclerótica das artérias viscerais pode ser responsável pela manifestação da Isquemia Mesentérica Crônica (IMC. Apesar de o Tronco Celíaco (TC ser o vaso mais frequentemente acometido, o tratamento cirúrgico é cada vez menos utilizado. O tratamento endovascular, apesar de possuir perviedade inferior a longo prazo, tornou-se o método de escolha devido à fácil execução e baixo índice de complicações. Relato de Casos: Descreve-se quatro casos de revascularização endovascular do TC com implante de stent em pacientes com sintomas de IMC. A avaliação diagnóstica foi realizada através de angioTC helicoidal. Três casos foram realizados por meio do acesso femoral. O sucesso técnico foi de 100%, entretanto um caso necessitou de conversão para acesso braquial. Houve um caso de migração proximal do stent. Todos os pacientes apresentaram melhora subjetiva dos sintomas. Conclusão: Os métodos de imagem são fundamentais para o diagnóstico e planejamento terapêutico. O tratamento endovascular para as lesões estenóticas do TC é o método de escolha na atualidade, devido aos baixos índices de complicações e aceitável taxa de perviedade primária no curto e médio prazo. A aplicação objetiva de questionários de qualidade de vida, entretanto, é necessária para confirmar a eficácia clínica do tratamento. Introduction: Atherosclerotic stenosis of visceral arteries may be responsible for the manifestation of Chronic Mesenteric Ischemia (CMI. Although the Celiac Trunk (CT is the most commonly affected vessel, surgical treatment has been less used. Endovascular treatment, despite lower long-term patency, has become the method of choice due to feasibility and low complication rates. Cases Report: Four cases of endovascular revascularization of CT with stenting are described in patients with suggestive symptoms of CMI. The diagnostic evaluation was performed using multislice CT angiography. Three

  14. Carótida comum como via de estabelecimento da circulação extracorpórea para perfusão sistêmica e cerebral seletiva na correção das doenças da aorta Carotid artery inflow and anterograde cerebral perfusion in operations to correct aortic disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Henrique Pamplona Corte Real de Carvalho

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os resultados da utilização da artéria carótida comum direita no estabelecimento da circulação extracorpórea (CEC para perfusão sistêmica (PS, bem como na utilização como via anterógrada para proteção cerebral (PC, nos pacientes submetidos à correção das doenças que envolveram a aorta ascendente (AA. MÉTODO: Foram operados 23 pacientes portadores de várias afecções da AA, nos quais a abordagem foi possível por meio do estabelecimento da CEC pela anastomose de um tubo de PTFE (politetrafluoretileno à artéria carótida comum direita e manutenção de fluxo cerebral anterógrado durante a confecção da anastomose distal. O tempo médio de CEC foi de 195 minutos (152 a 253 minutos, a temperatura média sistêmica foi de 24ºC (18ºC a 25ºC, hipofluxo cerebral anterógrado, com média de 29 minutos (27 a 51 minutos e o tempo de internação média foi de 18 dias (8 a 30 dias. RESULTADOS: Todos os pacientes despertaram nas primeiras 48 horas sem dano neurológico. Por ocasião da pré-alta, foram submetidos ao teste MINI MENTAL STATE EXAMINATION (MMSE, que demonstrou não haver desordens cognitivas com dano neurológico. Ocorreram dois casos de infecção pulmonar, dois pacientes necessitaram de diálise e ocorreram dois óbitos relacionados à gravidade dos casos. Não houve óbito per-operatório. CONCLUSÃO: Este é um método prático, rápido, seguro, eficaz e reprodutível, tanto no estabelecimento da CEC como da proteção cerebral anterógrada, reduzindo o risco de isquemia cerebral, alterando a história natural da evolução pós-operatória destas correções.OBJECTIVE: To evaluate the use of the right common carotid artery to establish cardiopulmonary bypass (CPB and the use of anterograde cerebral perfusion as cerebral protection in patients scheduled for ascending aortic repair surgery. METHOD: Twenty-three patients were submitted to aortic repair because of different aortic diseases. In all

  15. Complicações neurológicas da cirurgia cardíaca: revisão sobre a patogenia e bases para tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lineu Cesar Werneck

    1973-12-01

    Full Text Available São relatadas as complicações neurológicas assinaladas em 320 pacientes submetidos a cirurgias cardíacas, com uma incidência de 7,8%. As etiologias mais comuns encontradas foram a embolia aérea (4,0% e isquemia cerebral após hipotensão sistêmica (2,4%. Os autores analisam a patogenia das complicações cerebrais e tentam correlacioná-las com o fluxo sangüíneo cerebral, com o metabolismo cerebral e com a dinâmica dos pequenos vasos cerebrais. Uma revisão a respeito dos métodos para tratamento da isquemia cerebral é apresentada.

  16. Fígado: vascularização colateral após isquemia induzida por clampeamento da aorta torácica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João César Dias Oliveira

    1999-01-01

    Full Text Available A visibilização e a identificação dos vasos que irrigam os tecidos é facilitada quando são utilizadas substâncias com poder corante e de distensão vascular ou meios radiopacos. Nesta pesquisa, em 22 cães foi realizada toracotomia lateral intercostal esquerda no 8º espaço intercostal e clampeamento da aorta torácica a ± 1 cm cranial ao diafragma. Em 10 animais, foi perfundida solução de gelatina/anilina e, no restante, injetado contraste vascular positivo e acompanhamento radiográfico. Foram identificadas artérias que vascularizavam o diafragma, mas não o fígado quando é efetuado o clampeamento aórtico no tórax.

  17. Preconditioning with oil mixes of high ratio Omega-9: Omega-6 and a low ratio Omega-6:Omega-3 in rats subjected to brain ischemia/reperfusion Pré-condicionamento com misturas de óleos com Ômega-9: Ômega-6 (alta relação e Ômega-6:Ômega-3 (baixa relação em ratos submetidos à isquemia/reperfusão cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Petrúcia Maria Antero Pinheiro

    2011-01-01

    ídos aleatoriamente em dois grupos: controle (n=24 e teste (n=18. Grupo controle foi subdividido em quatro subgrupos (n=6: G1: Sham-Água; G2: I/R-Água; G3: Sham-Isolipídico e G4: I/R-Isolipídico. Os animais receberam água ou uma mistura isolipidica contendo ω-6/ω-3 óleos (8:1 e ω-9/ω-6 (0,4:1 por gavagem, durante sete dias. O grupo teste incluiu três subgrupos (n=6 G5: I/R-Mix1, G: 6 I/R-Mix2 e G7: I/R-Mix3. Animais do grupo teste receberam de misturas de óleos ω-6/ω-3 (1,4:1 e ω-9/ω-6 (3,4:1, diferindo apenas na fonte de -3: G5:alpha-linolênico; G6: ácidos alpha-linolênico, eicosapentaenóico e docosahexaenóico e G7:ácidos alpha-linolênico e docosahexaenóico. No 7º dia os grupos I/R foram submetidos à isquemia cerebral (1h por oclusão bilateral das artérias carótidas comuns seguida de reperfusão (3h. Ratos G1 e G3 foram submetidos à operação simulada. Concluído o experimento, os animais foram decapitados e seus cérebros fatiados para contagem dos neurônios vermelhos na área CA3 do hipocampo. As variáveis foram comparadas pelo teste de ANOVA-Tukey. RESULTADOS: A utilização de diferentes misturas de óleos promoveu uma diminuição na contagem de células vermelhas nos grupos G5/G6/G7, em comparação com G2/G4, confirmando o efeito protetor das misturas de óleos, independentemente da origem de ω-3. CONCLUSÃO: O pré-condicionamento com misturas de óleos contendo alta proporção de ω-6/ω-3 e baixa proporção de ω-9/ω-6 protege os neurônios cerebrais da lesão de I/R em um modelo experimental.

  18. Isquemia miocárdica silenciosa em pacientes submetidos à prostatectomia transuretral: comparação entre anestesia subaracnóidea e peridural

    OpenAIRE

    Gautam, Parshotam Lal; Katyal, Sunil; Wander, Gurpreet Singh; Kaur, Harpreet

    2004-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica silenciosa foi recentemente relacionada ao aumento de morbimortalidade cardíaca peri-operatória. Até 41% dos pacientes com doença coronariana conhecida ou fatores de risco cardíaco, submetidos à cirurgias não cardíacas, apresentaram isquemia peri-operatória. Vários autores compararam técnicas de anestesia regional e geral mas nenhum comparou o impacto de diferentes técnicas de anestesia no neuro-eixo na incidência e duração da isquemia miocárdi...

  19. Avaliação do papel do sistema canabidiol em um modelo de lesão renal por isquemia/reperfusão em animais

    OpenAIRE

    Soares, Rodrigo Zon; Vuolo, Francieli; Dall'Igna, Dhébora Mozena; Michels, Monique; Crippa, José Alexandre de Souza; Hallak, Jaime Eduardo Cecílio; Zuardi, Antonio Waldo; Dal-Pizzol, Felipe

    2015-01-01

    RESUMO Objetivo: Investigar os efeitos da administração de canabidiol em um modelo de isquemia/reperfusão renal em animais. Métodos: Foi induzida uma lesão renal, por meio de 45 minutos de isquemia renal seguida por reperfusão. Administrou-se canabidiol (5mg/kg) imediatamente após a reperfusão. Resultados: A isquemia/reperfusão aumentou os níveis de interleucina 1 e fator de necrose tumoral, o que foi atenuado pelo tratamento com canabidiol. Além disso, o canabidiol foi capaz de diminuir o...

  20. Anestésicos, precondicionamento e proteção cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogean Rodrigues Nunes

    2013-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Diversos estudos têm demonstrado o precondicionamento cerebral como mecanismo protetor diante de uma situação de estresse. Fatores determinantes são descritos, bem como a neuroproteção proporcionada por agentes anestésicos e não anestésicos. CONTEÚDO: Fez-se revisão baseada nos principais artigos da literatura que englobam a fisiopatologia da isquemia-reperfusão e lesão neuronal e os fatores não farmacológicos (inflamação, glicemia e temperatura e farmacológicos relacionados com a mudança da resposta à isquemia-reperfusão, além da neuroproteção induzida pelo uso dos anestésicos. CONCLUSÕES: O cérebro tem a capacidade de se proteger contra a isquemia quando estimulado. A elucidação desse mecanismo possibilita a aplicação de substâncias indutoras do precondicionamento, como alguns anestésicos, outros fármacos e medidas não farmacológicas, como a hipotermia, com o objetivo de induzir tolerância a lesões isquêmicas.

  1. Ischemia-reperfusion histopathology alterations of the rabbit intestinal wall with and without exclusion of the collateral mesenteric circulation supply Alterações histopatológicas da parede intestinal de coelhos na isquemia-reperfusão com e sem exclusão da circulação mesentérica colateral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otoni Moreira Gomes

    2010-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the histopathology alterations of the intestinal mucosa of rabbits submitted to different times of mesenteric artery ischemia and reperfusion with and without celiac artery collateral circulation supply. METHODS: Two groups of eight male New Zealand white rabbits (weight 2.2-3.5 kg were used in this study. In the Group 1 animals, the proximal mesenteric artery was occluded for 60 min with an atraumatic vascular clamp, followed by reperfusion for 60 min. In the Group 2 animals the small bowel and mesentery were cut 30cm and 60cm far from the gastroduodenal pyloric transition before the proximal mesenteric artery occlusion. Small bowel biopsies were obtained before ischemia (control, after 30 min and 60 min of mesenteric ischemia and at 30 and 60 min. of mesenteric artery reperfusion. RESULTS: In the Group I animals, the followings histopathology grade results were observed: t1, mean 0.4 + 0.29; t2, mean 1.9 ± 0.38; t3, 1.9 ± 0.33; t4, 1.2 ± 0.36 and t5, 1.2 ± 0.32. Differences between t0 and t2 and between t3 and t4 were statistically significant (p0.5. In the Group II animals, it was observed: t1, mean 1.6 ± 0.33; t2, 2.4 ± 0.36; t3, 3.0 ± 0.35; t4 3.4 ± 0.31; t5, 3 ± 031. Differences between t0 and t1, t1 and t2, and t2 and t3 were significant (pOBJETIVO: Avaliar as alterações histopatológicas da mucosa intestinal de coelhos submetidos à isquemia-reperfusão com e sem exclusão da circulação mesentérica colateral. MÉTODOS: Foram estudados dois grupos de oito coelhos Nova Zelândia machos com pesos variáveis entre 2,2 e 3,5 kg de peso corpóreo. Nos animais do Grupo 1, a artéria mesentérica proximal foi ocluida por pinçamento atraumático durante 60 min, seguido de reperfusão por 60 min. No Grupo 2 o intestino delgado e o mesentério foram seccionados 30 cm e 60 após a transição pilórica gastroduodenal antes da oclusão da artéria mesentérica cranial. Biópsias da parede intestinal foram obtidas

  2. Estudo da ação da estreptoquinase e do alopurinol em retalhos cutâneos em ilha submetidos à isquemia prolongada: estudo experimental em ratos Study of the effect of streptokinase and allopurinol in island skin flaps submitted to prolonged ischemia: experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana de Moura

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estabelecer relação entre a sobrevivência de retalhos cutâneos em ilha submetidos à isquemia prolongada e o uso da estreptoquinase e do alopurinol administrados após o período de isquemia prolongado. MÉTODOS: Foram utilizados 48 ratos machos da raça Wistar, com peso entre 300 e 350g, divididos em quatro grupos com 12 cada um, sendo; grupo controle, alopurinol, estreptoquinase e associação de alopurinol com estreptoquinase, submetidos à dissecção de retalho epigástrico em ilha, seguido de clampeamento do feixe vascular, por oito horas em isquemia mista normotérmica. Após este período, as pinças foram retiradas e cada animal recebeu o esquema terapêutico proposto através de injeção intravenosa. A análise da sobrevivência dos retalhos foi realizada no sétimo dia de pós-operatório. Foram realizadas análises descritivas (% de área necrótica e de variâncias, bem como comparações múltiplas de Dunnett T3 entre os quatro grupos e o teste da mediana. RESULTADOS: O grupo controle apresentou em média 79,88% de necrose da área total. Aqueles que receberam alopurinol apresentaram em média 64,05% de necrose e o grupo que recebeu estreptoquinase apresentou em média 55,52% de necrose. Com a associação das duas drogas, os ratos apresentaram 54,30% em média de necrose do retalho. Aplicando o teste Dunnett e o teste da mediana verificou-se de que o grupo estreptoquinase é o com menor percentual de necrose neste estudo. CONCLUSÃO: A administração sistêmica da estreptoquinase após oito horas de isquemia mista normotérmica resultou em aumento da sobrevivência de retalhos epigástricos em ilha em ratos, quando comparada à administração de alopurinol, associação do alopurinol e estreptoquinase e do grupo controle.BACKGROUND: To establish a relation between the survival rate of island skin flaps submitted to prolonged ischemia and the effect of streptokinase and allopurinol administered after the ischemic

  3. Alterações metabólicas induzidas por isquemia hepática normotérmica experimental e o efeito hepatoprotetor da ciclosporina Induced metabolic alterations due to experimental normothermic hepatic ischemia and the hepatoprotector effect of cyclosporin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Huygens Parente Garcia

    2004-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Transplante de fígado é inevitavelmente associado com períodos de isquemia completa. No entanto, o tempo de oclusão do pedículo hepático é limitado pelas conseqüências da injúria pós-isquêmica do fígado. OBJETIVO: Determinar as principais alterações metabólicas ocasionadas pela isquemia hepática e a provável ação hepatoprotetora da ciclosporina. MÉTODOS: Isquemia hepática normotérmica por 60 minutos foi induzida em ratos. Em seguida, as alterações com o tempo (0, 1, 6, 24 horas das concentrações sangüíneas e hepáticas de lactato, piruvato, glicose, corpos cetônicos e razão acetoacetato/3-hidroxibutirato, bem como o estado redox citoplasmático e mitocondrial do tecido hepático foram determinados. Outro grupo de animais foi pré-tratado com ciclosporina (10 mg/kg, sendo estudadas as alterações metabólicas no tempo 1 hora após revascularização hepática. RESULTADOS: A isquemia hepática causou elevação da concentração de lactato no fígado, sugerindo que pronunciado grau de metabolismo anaeróbico ocorreu durante o período de isquemia. Isquemia hepática acarretou ainda queda da concentração e da razão dos corpos cetônicos (acetoacetato/3-hidroxibutirato no sangue arterial no tempo de 1 hora após revascularização. Tal fato reflete que a injuria isquêmica do fígado interfere na cetogênese. CONCLUSÃO: O tratamento com ciclosporina causa elevação das concentrações dos corpos cetônicos e da razão acetoacetato/3-hidroxibutirato no sangue arterial após 1 hora de reperfusão hepática, sugerindo que esta droga acelera a cetogênese e, conseqüentemente, a recuperação da lesão isquêmica do fígado.BACKGROUND: Hepatic transplantation is inevitably associated with periods of complete ischemia. However, the clamping of hepatic vascular pedicle is limited by the consequences of the post-ischemic injury to the liver. AIM: To determine the main metabolic alterations caused for the

  4. Beneficial effects of hyperosmotic perfusion in the myocardium after ischemia/reperfusion injury in isolated rat hearts Efeitos benéficos da perfusão hiperosmótica no miocárdio após lesão isquemia/reperfusão em corações isolados de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yong Cao

    2013-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: A simple method to reduce the ischemia/reperfusion injury that can accompany cardiac surgery would have great clinical value. This study was to investigate the effect of hyperosmotic perfusion on ischemia/reperfusion injury in isolated perfused rat hearts. METHOD: Forty male Sprague-Dawley rats were randomly divided either to have their isolated hearts perfused with normal osmotic buffer or buffer made hyperosmotic by addition of glucose. Hearts were then subjected to 30 min ischemia followed by 30 min reperfusion. Coronary flow, time to ischemic arrest, reperfusion arrhythmia, and ventricular function were recorded. Creatine phosphokinase leakage into the coronary artery, and myocardial content and activity of superoxide dismutase and catalase were also examined. RESULTS: Rat hearts with hyperosmotic perfusion showed higher coronary flow, a prolonged time to ischemic arrest (10.60 vs. 5.63 min, POBJETIVO: Um método simples para reduzir a lesão de isquemia/reperfusão que pode acompanhar a cirurgia cardíaca teria grande valor clínico. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito da perfusão hiperosmótica na isquemia/reperfusão em corações isolados de ratos perfundidos. MÉTODOS: Quarenta ratos machos Sprague-Dawley foram divididos aleatoriamente e tiveram os seus corações isolados perfundidos com tampão osmótico normal ou tampão hiperosmótico com a adição de glucose. Os corações foram então submetidos a 30 minutos de isquemia, seguida de 30 min de reperfusão. O fluxo coronariano, tempo de parada isquêmica, arritmia de reperfusão e da função ventricular foram registrados. Vazamento creatinofosfoquinase na artéria coronária, o miocárdio e atividade de superóxido dismutase e catalase foram também examinados. RESULTADOS: Crações de ratos com perfusão hiperosmótica apresentaram maior fluxo coronariano, tempo prolongado de parada isquêmica (10,60 vs. 5,63 min, P<0,005, menor pontuação de reperfus

  5. Taxa de mortalidade em ratos submetidos à isquemia e reperfusão hepática, tratados ou não com alopurinol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rhoden Ernani Luís

    1999-01-01

    Full Text Available A isquemia transitória hepática tem sido cada vez mais amplamente utilizada. Contudo, essa atitude, embora muitas vezes benéfica, é contrabalançada pelos efeitos adversos advindos da isquemia hepática e da congestão esplênica, assim como, das conseqüências da reperfusão. O objetivo dos autores é determinar os efeitos da isquemia seletiva em animais pré-tratados ou não com alopurinol, inibidor da xantina oxidase sobre a mortalidade dos animais. Foram utilizados 30 ratos assim divididos: Grupo I (n=10: pré-tratados com alopurinol e submetidos à laparotomia e exposição do pedículo hepático por 45 minutos. Grupo II (n=10: tratados com alopurinol e submetidos à isquemia hepática seletiva por 45 minutos. Grupo III (n=10: submetidos apenas à isquemia por 45 minutos. A mortalidade pós-operatória foi avaliada a cada 24 horas, por um período de 10 dias. Entre os animais do grupo I, não foram observados óbitos, entretanto, naqueles dos grupos II e III, as mortalidades globais foram respectivamente 20 e 46,7%. Diferença estatisticamente significativa, apenas, entre a mortalidade observada no grupo III em relação ao controle (p<0,05. A mortalidade pós-operatória no grupo de animais submetidos à isquemia sem pré-tratamento com alopurinol ascende as cifras de 46,67% dos animais, enquanto naqueles pré-tratados com alopurinol houve um importante decréscimo para 20%. Embora sem uma distinção estatisticamente significativa, reflete uma tendência de um efeito protetor do alopurinol na isquemia e reperfusão hepática.

  6. Tomografia cerebral computadorizada e esquizofrenia: revisão crítica da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Von Krakauer Hübner

    1988-09-01

    Full Text Available Vários estudos sobre tomografia cerebral computadorizada (CT relatam alteração da estrutura cerebral em esquizofrenia. A grande variação da prevalência e da localização das anomalias pode estar relacionada à heterogenidade da amostra estudada, à escolha das medidas de CT ou ao uso de diferentes critérios diagnósticos. Apesar de alguns achados contraditórios, parece estabelecido que um subgrupo de pacientes esquizofrênicos apresenta atrofia cerebral discreta ou moderada; esse subgrupo se caracterizaria por apresentar cronicidade da doença, pior resposta ao tratamento neuroléptico e pela presença de outros sinais de disfunção cerebral difusa, como distúrbios neuropsicológicos, anormalidades no EEG e «soft signs» neurológicos. Sinais de atrofia na CT foram observados em pacientes esquizofrênicos jovens, no primeiro surto psicótico, indicando que o desenvolvimento das anomalias estruturais não é conseqüência do tratamento ou da cronicidade da doença. Nos diferentes estudos, pacientes com atrofia apresentaram menor carga genética (história familiar para a esquizofrenia e se observou com maior freqüência história de complicações na gestação, no parto e trauma craniano nos primeiros anos do desenvolvimento. Em face da possibilidade de que doentes esquizofrênicos com atrofia cerebral formem um subgrupo homogêneo quanto à clínica e à etiopatologia da doença, é importante identificar e estudar as alterações da CT e caracterizar esse subgrupo de pacientes.

  7. Complicações neurológicas da cirurgia cardíaca: revisão sobre a patogenia e bases para tratamento Neurological complications of heart surgery: a review about the pathogenesis and treatment bases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lineu Cesar Werneck

    1973-12-01

    Full Text Available São relatadas as complicações neurológicas assinaladas em 320 pacientes submetidos a cirurgias cardíacas, com uma incidência de 7,8%. As etiologias mais comuns encontradas foram a embolia aérea (4,0% e isquemia cerebral após hipotensão sistêmica (2,4%. Os autores analisam a patogenia das complicações cerebrais e tentam correlacioná-las com o fluxo sangüíneo cerebral, com o metabolismo cerebral e com a dinâmica dos pequenos vasos cerebrais. Uma revisão a respeito dos métodos para tratamento da isquemia cerebral é apresentada.The neurological complications following 320 heart surgery, with an incidence of 7,8% are reported. The most common etiology were air embolus (4,0% and cerebral ischaemia following hypotension (2,4%. The authors analyse the pathogenesis of the cerebral complication and attempt to correlate it with the cerebral blood flow, brain metabolism and dynamics of the small cerebral vessels. A revision about the most common methods of treatment of cerebral ischaemia is made.

  8. Isquemia miocárdica silenciosa em pacientes submetidos à prostatectomia transuretral: comparação entre anestesia subaracnóidea e peridural Isquemia miocárdica silenciosa en pacientes sometidos a prostatectomia transuretral: comparación entre anestesia subaracnóidea y peridural Silent myocardial ischaemia in patients undergoing transurethral resection of prostate: comparison of spinal versus epidural anaesthesia

    OpenAIRE

    Parshotam Lal Gautam; Sunil Katyal; Gurpreet Singh Wander; Harpreet Kaur

    2004-01-01

    JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica silenciosa foi recentemente relacionada ao aumento de morbimortalidade cardíaca peri-operatória. Até 41% dos pacientes com doença coronariana conhecida ou fatores de risco cardíaco, submetidos à cirurgias não cardíacas, apresentaram isquemia peri-operatória. Vários autores compararam técnicas de anestesia regional e geral mas nenhum comparou o impacto de diferentes técnicas de anestesia no neuro-eixo na incidência e duração da isquemia miocárdi...

  9. Procesos de plasticidad cerebral en pacientes con daño adquirido

    OpenAIRE

    Márquez Noriego, Blanca Esther

    2016-01-01

    Los accidentes cerebrovasculares y los traumatismos craneoencefálicos son las dos patologías principales causantes de daño cerebral adquirido. Los avances médicos han permitido disminuir considerablemente la mortalidad derivada de dichas patologías. Consecuentemente, el número de personas que padecen déficits derivados de estas lesiones aumenta a nivel mundial. Estos déficits son consecuencia del daño cerebral, el cual puede afectar a varias áreas, según las características propias de la lesi...

  10. Proteção da recuperação funcional do miocárdio pelo omeprazol após isquemia-reperfusão em corações isolados de ratos Myocardium functional recovery protection by omeprazole after ischemia-reperfusion in isolated rat hearts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otoni Moreira Gomes

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar efeitos do omeprazol na proteção da recuperação funcional de corações isolados de ratos submetidos à lesão de isquemia-reperfusão. MÉTODOS: Foram estudados 12 ratos Wistar, peso corpóreo médio de 280g. Após anestesia com injeção intra-abdominal de 10mg de cetamina e 2mg de xilazina, os corações foram removidos e mantidos em perfusão com solução Krebs-Henseleit (95%O2 e 5% CO2, 37ºC, 110-120mmHg de pressão de perfusão e pressão diastólica de 8 mmHg em sistema Langendorff, modificado, descartável, modelo FCSFA-ServCor (Comex Ltda.. Os seis corações do Grupo I (GI e os seis do Grupo II (GII foram submetidos a 20 minutos de isquemia e 30 minutos de reperfusão. Nos corações do Grupo II, imediatamente antes da isquemia, foram administrados via perfusão coronária 200mcg de omeprazol. Foram controlados frequência cardíaca (FC, fluxo coronário (FCo, pressão sistólica (PS, +dP/dt e -dP/dt, após estabilização (t0 e no final da reperfusão (t30. Empregou-se método não paramétrico de Kruskal-Wallis (P0,05 entre os valores de FCo e FC nos dois grupos. No final do período de reperfusão (t30, foram significantes (POBJECTIVE: To evaluate the myocardium contractility alterations of isolated hearts of rats, submitted to ischemia and reperfusion with and without administration of the omeprazole. METHODS: Twelve Wistar breed rats with 270g mean body weight was studied. After anesthesia by intraperitoneal injection of ketamine 10mg and xylazine 2mg, their hearts were removed and perfused with Krebs-Henseleit solution (95% of O2 and 5% of CO2, 37ºC, 110-120 mmHg perfusion pressure, 8 mmHg ventricular diastolic pressure in the São Francisco de Assis disposable Langendorff system model Comex Ltda, MG. The six hearts of Group I (GI and of the Group II (GII were submitted to 20 min ischemia and 30 min reperfusion. In GII hearts, intracoronary injection of omeprazole 200 mcg was done immediately before the

  11. Anestésicos, precondicionamento e proteção cerebral Anestésicos, pre-condicionamiento y protección cerebral Anesthetics, cerebral protection and preconditioning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogean Rodrigues Nunes

    2013-02-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Diversos estudos têm demonstrado o precondicionamento cerebral como mecanismo protetor diante de uma situação de estresse. Fatores determinantes são descritos, bem como a neuroproteção proporcionada por agentes anestésicos e não anestésicos. CONTEÚDO: Fez-se revisão baseada nos principais artigos da literatura que englobam a fisiopatologia da isquemia-reperfusão e lesão neuronal e os fatores não farmacológicos (inflamação, glicemia e temperatura e farmacológicos relacionados com a mudança da resposta à isquemia-reperfusão, além da neuroproteção induzida pelo uso dos anestésicos. CONCLUSÕES: O cérebro tem a capacidade de se proteger contra a isquemia quando estimulado. A elucidação desse mecanismo possibilita a aplicação de substâncias indutoras do precondicionamento, como alguns anestésicos, outros fármacos e medidas não farmacológicas, como a hipotermia, com o objetivo de induzir tolerância a lesões isquêmicas.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: Diversos estudios han demostrado el pre-condicionamiento cerebral como un mecanismo protector frente a una situación de estrés. Están descritos algunos factores determinantes del PC, como también la neuroprotección proporcionada por los agentes anestésicos y no anestésicos. CONTENIDO: Se hizo la revisión con base en los principales artículos de la literatura que engloban la fisiopatología de la isquemia-reperfusión y la lesión neuronal, y los factores no farmacológicos (inflamación, glucemia y temperatura, y farmacológicos relacionados con el cambio de la respuesta a la isquemia-reperfusión, además de la neuroprotección inducida por el uso de los anestésicos. CONCLUSIONES: El cerebro tiene la capacidad de protegerse contra la isquemia cuando se le estimula. La elucidación de ese mecanismo posibilita la aplicación de sustancias inductoras del precondicionamiento cerebral, como algunos anestésicos, otros fármacos y medidas no

  12. Estudo da ação do extrato de Ginkgo biloba e amido hidroxietílico hipertônico na atenuação de alterações decorrentes de isquemia e reperfusão de órgãos esplâncnicos em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Macarenco Ricardo Silvestre e Silva

    2001-01-01

    Full Text Available A oclusão e reperfusão das artérias esplâncnicas ocasiona choque circulatório, causado principalmente pelo aumento de permeabilidade vascular e pela agressão celular provocada por radicais livres derivados do oxigênio. Este estudo tem por finalidade verificar a ação do extrato de Ginkgo biloba (Egb-761 e do amido hidroxietílico (AHH na prevenção do choque circulatório produzido pela isquemia e reperfusão de órgãos esplâncnicos. O Egb-761 tem propriedades antioxidantes relatadas na literatura. O AHH, tem sido utilizado como recurso terapêutico do choque hipovolêmico. Ratos anestesiados receberam infusão contínua de Egb-761 ou AHH, sendo submetidos à isquemia (oclusão do tronco celíaco, artéria mesentérica superior e artéria mesentérica inferior por 30 minutos e reperfusão (por 90 minutos dos órgãos esplâncnicos. Foram feitas: análise histopatológica ileal, dosagem de malondialdeído ileal e determinação contínua da pressão arterial média (PAM. A PAM ao final do período de reperfusão foi significativamente mais elevada nos animais tratados com Egb-761 e AHH, que no grupo controle (F=18,29; p0,10 e quanto às alterações histológicas (H=6,003; p>0,10. Em conclusão, houve melhora nas condições hemodinâmicas, com atenuação do choque nos ratos que receberam Egb-761 ou AHH. Novos estudos serão necessários para se avaliar melhor as alterações histológicas e para esclarecer a formação de produtos finais da peroxidação lipídica.

  13. Ischemia-reperfusion histopathology alterations of the rabbit intestinal wall with and without ischemic preconditioning Alterações histopatológicas da parede intestinal de coelhos na isquemia-reperfusão com e sem precondicionamento isquêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otoni Moreira Gomes

    2011-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the histopathology alterations of the intestinal mucosa of rabbits submitted to mesenteric artery ischemia and reperfusion with and without ischemic preconditioning. METHODS: Two groups of ten male New Zealand white rabbits body (weight 2.2-3.0, average 2.5 kg. For mesenteric ischemia induction in all animals the small bowel and mesentery were cut 30cm and 60cm far from the gastroduodenal pyloric transition before the proximal mesenteric artery occlusion. In the Group 1 animals, the proximal mesenteric artery was occluded for 45 min with an atraumatic vascular clamp, followed by reperfusion for 30 min. In the Group 2 the 45 min ischemic phase was preceded by three cycles of ischemia (2 minutes each alternated with three cycles of reperfusion (2 minutes each. For istopathology study small bowel biopsies were obtained before ischemia (control, after 45 min of mesenteric ischemia and at 30 min. of mesenteric artery reperfusion. RESULTS: In the Group I animals, the followings histopathology grade results were observed: t1, mean 2,8; t2, mean 3,3. Using the Kruskal-Wallis non-parameter test, differences between t0 and t1 and t0 and t2 were significants (p0.05. In the Group 2 animals histopathology grade results were: t1 mean 2,6 and t2, mean 2,1. Differences between t0 and t1, t0 and t2 were significant (p0.05 between results of t1 in both groups but histopathology injury observed in Group 1 t2 biopsies were higher (pOBJETIVO: Avaliar as alterações histopatológicas da mucosa intestinal de coelhos submetidos a isquemia-reperfusão com e sem precondicionamento isquêmicol. MÉTODOS: Foram estudados dois grupos de dez coelhos Nova Zelândia machos com pesos variáveis entre 2,2 e 3,0 kg (média de 2,5 kg de peso corpóreo. Para indução da isquemia, em todos os animais, o intestino delgado e o mesentério foram seccionados 30 cm e 60 cm após a transição pilórica gastroduodenal, antes da oclusão da artéria mesent

  14. Avaliação do papel do sistema canabidiol em um modelo de lesão renal por isquemia/reperfusão em animais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Zon Soares

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Investigar os efeitos da administração de canabidiol em um modelo de isquemia/reperfusão renal em animais. Métodos: Foi induzida uma lesão renal, por meio de 45 minutos de isquemia renal seguida por reperfusão. Administrou-se canabidiol (5mg/kg imediatamente após a reperfusão. Resultados: A isquemia/reperfusão aumentou os níveis de interleucina 1 e fator de necrose tumoral, o que foi atenuado pelo tratamento com canabidiol. Além disso, o canabidiol foi capaz de diminuir o dano oxidativo de lipídios e proteínas, mas não os níveis de nitrito/nitrato. A lesão renal após isquemia/reperfusão pareceu ser independente da expressão dos receptores canabidiol-1 e canabidiol-2, já que não houve aumento significante desses receptores após a reperfusão. Conclusão: O tratamento com canabidiol teve um efeito protetor contra a inflamação e o dano oxidativo em um modelo de isquemia/reperfusão renal. Esses efeitos parecem não ocorrer via ativação dos receptores canabidiol-1/canabidiol-2.

  15. Primeiro consenso brasileiro do tratamento da fase aguda do acidente vascular cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    2001-01-01

    Full Text Available Este texto apresenta a síntese das conclusões do Iº Consenso Brasileiro do Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral (AVC. Tratou-se de reunião patrocinada e coordenada pela Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares, com neurologistas especializados nas doenças cerebrovasculares, que analisaram os principais itens da conduta dos AVC.

  16. Effect of glutamine on the mRNA level of key enzymes of malate-aspartate shuttle in the rat intestine subjected to ischemia reperfusion Efeito da glutamina sobre o nível de RNA Mensageiro das enzimas-chave do ciclo malato-aspartato no intestino de ratos submetidos à isquemia e reperfusão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto Cavalcante de Vasconcelos

    2011-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To determine the effects of oral L-glutamine (L-Gln and the dipeptide l-alanyl-glutamine (L-Ala-Gln upon the activity of the malate-aspartate shuttle in the rat distal small intestine following ischemia and reperfusion. METHODS: Seventy-two Wistar rats (350-400g, were randomized in 2 groups (n = 36: group S (Sham and Group T (Treatment and divided into 12 subgroups (n = 6: A-A6, and B1-B6. The subgroups A1-A3 were subjected to sham procedures at 30 and 60 minutes. Thirty minutes before the study, rats were treated with calcium caseinate, 0.5g/Kg (subgroups A1, A4, B1, B4, L-Gln, 0.5g / kg (subgroups A2, A5, B2 and B5 or L-Ala-Gln, 0.75g/Kg (subgroups A3, A6, B3, B6, administered by gavage. Ischemia was achieved by clamping the mesenteric vessels, delimiting a segment of bowel 5 cm long and 5 cm apart from the ileocecal valve. Samples were collected 30 and 60 minutes after start of the study for real-time PCR assay of malate dehydrogenases (MDH1-2 and aspartate-aminotransferases (GOT1-2 enzymes. RESULTS: Tissue MDH and GOT mRNA expression in intestinal samples from rats preconditioned with either L-Gln or L-Ala-Gln showed no significant differences both during ischemia and early reperfusion. CONCLUSION: Activation of the malate-aspartate shuttle system appears not to be the mechanism of glutamine-mediated elevation of glucose oxidation in rat intestine during ischemia/reperfusion injury.OBJETIVO: Determinar os efeitos da administração oral de L-glutamina (L-Gln e do dipeptídeo L-alanil-glutamina (L-Ala-Gln sobre a atividade do ciclo malato-aspartato no intestino delgado distal de ratos após isquemia/reperfusão. MÉTODOS: Setenta e dois ratos Wistar (350-400g foram randomizados em 2 grupos (n = 36: T grupo S (Sham e grupo (Tratamento e distribuídos em 12 subgrupos (n = 6: A-A6, e B1-B6. Os subgrupos A1-A3 foram submetidos a procedimentos "sham" aos 30 e 60 minutos. Trinta minutos antes do estudo, os ratos foram tratados com

  17. ASPECTO FUNCIONAL DO REMANESCENTE HEPÁTICO EM CONDIÇÕES DE ISQUEMIA E REPERFUSÃO APÓS HEPATECTOMIA PARCIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brisotti J. L.

    2001-01-01

    Full Text Available O efeito da hipotermia, precondicionamento isquêmico e drogas protetoras das lesões de isquemia e reperfusão têm sido amplamente estudado. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da deferoxamina na isquemia e reperfusão sobre o fígado remanescente após ressecção hepática parcial a 70%, avaliando-se a função mitocondrial hepática. Estudou-se 34 ratos divididos em grupos: Grupo HP (n = 8 - submetidos a hepatectomia parcial (HP a 70%; Grupo HPD (n = 4 - submetidos a administração de deferoxamina (40 mg/kg e HP a 70%; Grupo HPI (n = 7 - hepatectomizados (HP a 70% e submetidos a isquemia (40 minutos; Grupo HPID (n = 7 - semelhante ao anterior, porém recebendo previamente deferoxamina; Grupo C (n = 8 - controle, submetido a operação simulada para HP a 70%. A análise estatística entre os diversos grupos foi feita pelos testes de Kruskal - Wallis e de Mann - Whitney, com nível de significância de 5%. Dessa maneira, o estado III foi semelhante em todos os procedimentos; o estado IV: Cisquemia i nduziu aumento do estado IV, com e sem deferoxamina Por outro lado a deferoxamina induziu aumento do potencial de membrana nos animais hepatectomizados (HPD em relação aos hepatectomizados com e sem isquemia. Houve diminuição da razão de controle respiratório nos animais hepatectomizados com e sem isquemia.

  18. The role of N-acetyl-cysteine in the lung remote injury after hepatic ischemia and reperfusion in rabbits O papel da N-acetil-cisteína nas lesões pulmonares provocadas à distância pela isquemia e reperfusão hepática em coelhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Potter de Castro

    2012-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To study the lesions in the lung of rabbits caused by ischemia/reperfusion hepatic (I/R after the use of N-acetyl-cysteine (NAC. METHODS: Twenty-four rabbits distributed in two groups: control group GI (n = 12 5% glucose solution and experiment group GII (n = 12 NAC. The animals were pre-anesthetized with 1% acepromazine maleate and anesthetized with ketamine 10% and 2% xylazine intramuscularly. The GI and GII were given glucose solution intravenously or NAC 15min before occlusion of the hepatic pedicle (30 min. After the period of reperfusion of 24h (n = 6 or 48h (n = 6, liver and lung samples were collected for histology and immunohistochemistry to assess the impairment of cell. RESULTS: The animals of GII and GII-24h-48h showed parenchyma liver close to normal, when using NAC. The GII and GII-24h-48h showed lower thickness of alveolar cells that GI and GI-24h-48h. The expression of caspase 3 in lung cells GII presented smaller value compared to the GI group. CONCLUSION: N-acetyl-cysteine administered 15min prior to the injury ischemia/reperfusion had a significant protective role by minimizing lung injury and apoptotic morphology in the period observed.OBJETIVO: Estudar as lesões no fígado e no pulmão de coelhos, provocadas pela isquemia/reperfusão hepática (I/R moduladas pelo uso da N-acetil-cisteína (NAC. MÉTODOS: Vinte e quatro coelhos distribuídos em dois grupos: Grupo controle GI (n=12 solução de glicose 5% e Grupo experimento GII (n=12 NAC. Os animais foram pré-anestesiados com maleato de acepromazina 1% e anestesiados com cloridrato de quetamina 10% e xilazina 2% via intramuscular. Os grupos GI e GII receberam solução glicosada ou NAC respectivamente via endovenosa 15min antes da oclusão do pedículo hepático (30 min. Após iniciou-se o período de reperfusão por 24h (n=6 ou 48h (n=6, terminada a reperfusão, amostras do fígado e pulmão foram coletadas para a histologia e imunoistoquímica para avaliar o

  19. Alteraciones de memoria en daño cerebral frontal

    OpenAIRE

    Vega Rodríguez, Irene de la; Noreña, David de

    2007-01-01

    El córtex frontal está implicado en importantes procesos de memoria, pero tiene un papel diferente al de las estructuras temporales y diencefálicas mediales. Mientras que el daño en estas estructuras produce una grave amnesia anterógrada, en el daño frontal se manifiestan una serie de problemas y distorsiones concretas como las fabulaciones, la amnesia de la fuente, el déficit de memoria prospectiva o las alteraciones en el recuerdo libre. El lóbulo frontal no está implicado en el almacenamie...

  20. Effects of hyperbaric oxygen (HBO, as pre-conditioning in liver of rats submitted to periodic liver ischemia/reperfusion Efeitos da oxigenoterapia hiperbárica como pré-condicionamento em fígados de ratos submetidos à lesão hepática de isquemia/reperfusão intermitente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Elias da Silva Caldeira

    2013-01-01

    Full Text Available PURPOSE: to assess the effect of hyperbaric oxygen (HBO as pre-conditioning on periodic liver ischemia/reperfusion injury. METHODS: Thirty-six male Wistar rats were divided into 4 groups (SHAM, I/R , HBO-I/R and CONTROL. The surgical technique consisted of total clamping of the hepatic pedicle for 15 min followed by twice repeated reperfusion for 5 min (unclamping. HBO was applied in a collective chamber (simultaneous exposure of 4 rats directly pressurized with oxygen at 2 ATA for 60 min. Hepatic mitochondrial function was determined using samples of the median lobe obtained after exactly 5 min of reperfusion for the analysis of mitochondrial respiration based on the determination of states 3 and 4, the respiratory control ratio and the transition of mitochondrial permeability (mitochondrial swelling.Data were analyzed by the Mann-Whitney test and the level of significance was set at p OBJETIVO: Avaliar os efeitos da oxigenoterapia hiperbárica (HBO, como pré-condicionamento, em lesão hepática de isquemia/reperfusão intermitente. MÉTODOS: Foram avaliados 36 ratos Wistar machos, distribuídos em 4 grupos (SHAM, I/R , HBO - I/R e CONTROLE. A técnica operatória consistiu em pinçamento total do pedículo hepático durante 15min, seguido de reperfusão por 5 min (desclampeamento, por duas vezes. A aplicação de HBO foi realizada em câmara coletiva (exposição simultânea de 4 ratos diretamente pressurizada com oxigênio a 2ATA, durante 60min. Determinou-se a função mitocondrial hepática através de amostras do lobo mediano colhidas com exatos 5min de reperfusão para análise da respiração mitocondrial, através da determinação dos estados 3 e 4, razão de controle respiratório e transição de permeabilidade mitocondrial (intumescimento osmótico - swelling mitocondrial.Os resultados foram analisados pelo teste de Mann-Whitney e foi considerado significativo todo valor de p < 0,05. RESULTADOS: Houve diferença estatistica

  1. Effects of L-alanyl-glutamine upon the blood and kidney biochemical parameters in the rat hind limb model of ischemia/reperfusion Efeitos da L-alanil-glutamina sobre os parâmetros bioquímicos do sangue e do rim no rato submetido à isquemia/reperfusão do membro pélvico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Antonio Alves

    2005-12-01

    ratos machos foram distribuídos aleatoriamente em 2 grupos pré-tratados com administração intragástrica de solução salina 2,0 mL (G-1 ou L-alanil-glutamina 0,75 mgKg-1(G-2, uma vez ao dia (7:00h durante 7 dias. Uma hora após a última gavagem todos os ratos foram anestesiados com éter dietílico, laparotomizados e submetidos ao pinçamento da artéria de ilíaca esquerda, durante 3 horas. Amostras foram coletadas ao término de isquemia e durante a reperfusão (1-3-6h para determinação das concentrações in vivo de piruvato, lactato, glicose e corpos cetônicos (rim e sangue e ATP (rim. RESULTADOS: Lactacemia e cetonemia aumentaram no grupo G-2 quando comparadas às aferidas em ratos não-tratados, durante a reperfusão. As concentrações de piruvato diminuíram e de lactato aumentaram significativamente no rim, durante a reperfusão (1h, 3h em ratos do G-2 comparados aos respectivos controles. Houve um aumento significante nas concentrações renais de glicose, ATP e corpos cetônicos nos ratos tratados com L-alanil-glutamina durante a reperfusão (3h. CONCLUSÕES: A isquemia do membro pélvico em ratos pré-tratados com L-alanil-glutamina induz aumento da lactacemia e da concentração de lactato renal, indicando atividade glicolítica aumentada na medula renal. A hipercetonemia induzida pela oferta do dipeptídeo sugere cetogênese elevada, sinalizada por possível queda nas concentrações plasmáticas de insulina resultante da maior oxidação de glicose e utilização desse hormônio em tecidos periféricos.

  2. Base eletronica de dados clinicos e cirurgicos em isquemia cronica de membros inferiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Seme Nejm Junior

    2013-09-01

    Full Text Available CONTEXTO: Um sistema eletrônico de protocolo seria capaz de armazenar dados clínicos e possibilitar futuras pesquisas, visando a rapidez, eficiência de cruzamentos e análise de tais dados. OBJETIVO: a criar uma base de dados clínicos cirúrgicos em doenças vasculares e, a partir desta, uma base em Isquemia Crônica de Membros Inferiores; b informatizar essa base sob forma de um protocolo eletrônico; c incorporar ao SINPE(c (Sistema Integrado de Protocolos Eletrônicos; d realizar um projeto piloto. MÉTODOS: Criou-se uma base teórica de dados clínicos sobre as doenças vasculares. O protocolo específico foi criado considerando-se as características individuais das doenças causadoras de Isquemia Crônica de Membros Inferiores. Após seu término, essa base eletrônica e informatizada seria incorporada ao SINPE(c. RESULTADOS: O usuário, previamente cadastrado, realizará o cadastro do paciente e selecionará, dentro do protocolo mestre, o protocolo específico em Isquemia Crônica de Membros Inferiores, para acesso aos seus respectivos dados clínicos. Orientado pelas alternativas diretas de preenchimento, o usuário seleciona apenas os dados pertencentes ao seu paciente. Estes podem ser resgatados para pesquisa, mostrando o número de coletas que satisfazem os parâmetros escolhidos e informações estatísticas sobre a mesma. CONCLUSÃO: a a criação da base teórica de dados clínicos e cirúrgicos em doenças vasculares e, a partir desta, em Isquemia Crônica de Membros Inferiores, foi factível; b a informatização da base teórica sob forma de protocolo eletrônico foi exequível; c o protocolo eletrônico mestre e específico poderá ser incorporado ao SINPE(c, d o projeto piloto foi criado com sucesso e testado através do módulo analisador do SINPE(c.

  3. A influência do azul de metileno na prevenção da lesão pulmonar após isquemia-reperfusão intestinal The role of the methylene blue as a lung protector after intestinal ischemia and reperfusion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Hintz Greca

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a ação do azul de metileno como supressor da produção de radicais livres de oxigênio, atuando como receptor alternativo de elétrons na enzima xantina oxidase. MÉTODOS: Foram utilizados 32 ratos Wistar (Rattus norvegicus albinus, Rodentia mammalia divididos em 2 grupos de 16 animais, os quais foram denominados grupos: experimento e controle. Ambos os grupos foram submetidos a laparotomia mediana e oclusão da artéria mesentérica cranial por 60 minutos. A reperfusão foi confirmada por meio da verificação do reaparecimento da pulsação na arcada mesentérica. Foi então administrado no grupo experimento 2 ml de azul de metileno 1 % estéril intraperitonealmente, enquanto que no grupo controle foi administrado solução salina isotônica estéril em mesmo volume e pela mesma via de administração. Após 4 horas de reperfusão, os animais foram sacrificados. Amostras dos pulmões foram obtidas para: análise histopatológica, avaliação do edema e para determinação da atividade da xantina oxidase. RESULTADOS: O dano pulmonar encontrado no grupo controle foi superior ao encontrado no grupo experimento. Observou-se uma maior formação de edema nos pulmões do grupo controle. A atividade da xantina oxidase foi semelhante em ambos os grupos. CONCLUSÃO: O azul de metileno diminui a lesão pulmonar após isquemia-reperfusão intestinal.PURPOSE: To study the role of methylene blue as an inibitor of superoxide production by xantine oxidase. METHODS: Thirty two Wistar rats were divided in 2 groups of 16 animals: the control group and the experimental group. All the animals were submitted to a laparotomy for the occlusion of the cranial mesenteric artery during 60 minutes. The reperfusion was confirmed by the 'pulsation of the artery after releasing the temporary ligature. In the animals of the control group, 2 ml of saline were injected in the peritoneal cavity and in the animals of the experimental group 2 ml of methylene

  4. Guía de recursos sobre daño cerebral adquirido

    OpenAIRE

    Aranaz Tudela, Jaime

    2006-01-01

    El completo desarrollo de una guía de recursos sobre daño cerebral adquirido, formada por una base de datos y una aplicación Web para su gestión, que cumpla con todos los criterios sobre accesibilidad para personas con alguna discapacidad, constituye el eje central del presente proyecto. En el capítulo 1, se explica la introducción al proyecto, su motivación y los objetivos básicos que persigue la realización del mismo. El capítulo 2 expone la gestión inicial del proyecto, donde se explica la...

  5. Estrategias educativas para alumnos con daño cerebral sobrevenido

    OpenAIRE

    Grau Rubio, Claudia

    2007-01-01

    Los síntomas de los niños afectados por un daño cerebral sobrevenido pueden ser pasajeros o permanentes, y presentar alteraciones cognitivas (percepción, atención, memoria y pensamiento), expresivas (lenguaje y motricidad), emocionales y del comportamiento y alteración en las funciones ejecutivas. Asimismo, pueden sufrir ataques de epilepsia, hidrocefalia, cefalea y fatiga crónica y tienen problemas de aprendizaje, de conducta y de adaptación social. La escuela debe hacer las adaptaciones ...

  6. Hiperoxia por dos horas produce daño morfológico cerebral luego de asfixia neonatal experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Melva Benavides

    2013-10-01

    Full Text Available Objetivos: Determinar el efecto de una exposición de dos horas de hiperoxia al 21%, 40% y 100% sobre la morfología cerebral, en un modelo experimental de asfixia neonatal. Diseño: Estudio experimental. Institución: Instituto Nacional de Salud del Niño, Lima, Perú. Material biológico: Ratas albinas Holtzmann. Intervenciones: Ciento veinte ratas albinas Holtzmann de una semana de nacidas (a excepción del grupo control fueron sometidas a asfixia experimental por ligadura de la arteria carótida izquierda y luego expuestas a hipoxia (oxígeno al 8%. Después fueron asignadas aleatoriamente a uno de los siguientes grupos: exposición por dos horas a O2 al 100%, a O2 al 40%, a O2 al 21% y un grupo control (no expuesto a asfixia experimental. El daño cerebral fue evaluado mediante la medición del peso cerebral y el porcentaje del área cerebral con daño microscópico. Principales medidas de resultados: Daño cerebral. Resultados: El peso cerebral promedio fue menor en los animales de los grupos sometidos a hiperoxia experimental (ANOVA; p<0,001. Se presentó daño cerebral microscópico con mayor frecuencia en el grupo sometido a hipoxia experimental que recibió O2 100% por dos horas y con menor frecuencia en el que recibió O2 al 40% (60% versus 43,3%, diferencia que fue estadísticamente significativa (prueba χ²; p<0,001. El grupo sometido a hipoxia experimental que recibió O2 100% tuvo un mayor porcentaje promedio de área cerebral con daño microscópico (18,3%, en comparación con los otros grupos de hipoxia experimental, aunque la diferencia no fue estadísticamente significativa (ANOVA; p=0,123. Conclusiones: La hiperoxia al 100% por dos horas se asoció con menor peso cerebral y mayor daño cerebral en animales de experimentación sometidos a asfixia neonatal experimental.

  7. Tratamento híbrido com endoprótese não recoberta nas dissecções agudas da aorta tipo A New surgical strategy for acute type A aortic dissection: hybrid procedure

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ribeiro Dias

    2007-12-01

    Full Text Available O tratamento da dissecção aguda da aorta tipo A de Stanford, com a utilização de um novo dispositivo (stent de aorta não recoberto em associação à interposição de tubo supracoronariano para a substituição da aorta ascendente e hemiarco permitem que o arco aórtico e porção da aorta descendente sejam tratados, sem acrescentar complexidade ao procedimento operatório, nem prolongar o tempo de isquemia cerebral ou sistêmica.The new surgical strategy to treat patients with acute type A aortic dissection, the hybrid procedure with an uncovered aortic stent, allows surgeons to treat the aortic arch and the proximal descending aorta, besides the ascending segment, without extension of cerebral or systemic ischemia.

  8. Cisticercose do quarto ventrículo simulando neoplasia da fossa posterior a cintilografia cerebral: relato de um caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sydney F. de Morais-Rego

    1978-12-01

    Full Text Available É relatado o caso de uma criança de 12 anos de idade apresentando quadro de hipertensão endocraniana e síndrome cerebelar, cujos exames neurológico e neuroradiológicos foram sugestivos de neoplasia de fossa posterior. A cintilografia cerebral mostrou um quadro compatível com a existência de tumor da fossa posterior, da linha mediana, mais provavelmente meduloblastoma ou astrocitoma. Pela intervenção cirúrgica foi verificado tratar-se de cisticercose, sendo removido um cisto do 4ºventrícuio. Os autores sugerem que em áreas geográficas com alta prevalência de neurocisticercose na população infantil a hipótese da forma pseudotumoral seja lembrada, quando da tentativa de caracterização do tipo de lesão da fossa posterior, detectada pela cintilografia cerebral.

  9. Atividade antiinflamatória e neuroprotetora da Edaravona no córtex sensóriomotor primário de ratos adultos submetidos à isquemia focal experimental

    OpenAIRE

    ARAÚJO, Sanderson Corrêa

    2014-01-01

    O acidente vascular encefálico (AVENC) é uma desordem neural iniciada a partir da redução ou interrupção do fluxo sanguíneo, tornando inadequada a demanda energética para a região, promovendo assim um dano tecidual. O AVENC é classificado em hemorrágico ou isquêmico. O AVENC isquêmico tem maior prevalência e pode ocorrer por trombose ou embolismo. A patologia isquêmica tem múltiplos eventos interrelacionados como excitotoxicidade, despolarização periinfarto, estresse oxidativo e nitrosativo, ...

  10. Qual o erro da angiografia na definição de isquemia miocárdica durante intervenções coronarianas percutâneas? What is the angiography error when defining myocardial ischemia during percutaneous coronary interventions?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Mendes Sant'Anna

    2008-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A angiografia vem sendo utilizada como padrão de referência para definição de doença arterial coronariana (DAC, embora suas limitações sejam conhecidas. O valor da medida do fluxo fracionado de reserva do miocárdio (FFR na avaliação da DAC está bem estabelecido. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar a acurácia da angiografia em definir as lesões isquêmicas e sua correlação com o FFR. MÉTODOS: Duzentos e cinqüenta pacientes foram incluídos no estudo (471 vasos. Todas as estenoses > 50% pela estimativa visual da angiografia (EVA foram avaliadas medindo-se o FFR. Se o FFR 0,75 a lesão não foi tratada. As lesões foram divididas em moderadas (BACKGROUND: The angiography has been used as a reference standard to define coronary artery disease (CAD, although its limitations are well-known. The significance of the myocardial fractional flow reserve (FFR in the assessment of CAD is well established. OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the accuracy of angiography when defining ischemic lesions and its correlation with FFR. METHODS: Two hundred and fifty consecutive patients (471 arteries were included in this study. All stenoses > 50% at the angiography visual estimate (AVE were assessed by FFR measurements. When FFR was 0.75, no interventional treatment was carried out. Offline quantitative coronary angiography (QCA was performed in all stenoses, which were divided in intermediate (< 70% - 327 and severe (125. The correlation coefficients between the diameter of the stenosis (%DS and FFR and the accuracy of VA of the angiography when assessing ischemia were determined. RESULTS: FFR could be obtained in 452 lesions (96%. Mean %DS and FFR were 56 ± 8% and 0.74 and 76 ± 6% and 0.48 for moderate and severe stenoses, respectively. Concordance between QCA and FFR was poor, especially in intermediate stenoses (Spearman's rho = - 0.33, p<0.0001. Visual assessment resulted in an accuracy of 57% and 96% in

  11. Avances en la investigación y rehabilitación del daño cerebral

    OpenAIRE

    Arango Lasprilla, Juan Carlos

    2017-01-01

    En la actualidad, más de 10 millones de personas en el mundo viven con las secuelas producidas por un daño cerebral. Entre los diferentes tipos de daño cerebral los traumatismos craneoencefálicos (TEC) son una de las principales causas de muerte entre personas de 15 a 24 años. La gran mayoría de los TEC suelen estar relacionados con caídas, accidentes automovilísticos y heridas por armas de fuego. Durante las dos últimas décadas se ha incrementado considerablemente el número de personas que s...

  12. Fístula de enxerto coronariano da artéria torácica interna esquerda para artéria pulmonar esquerda após cirurgia de revascularização miocárdica: causa rara de isquemia miocárdica Left internal thoracic artery to left pulmonary artery fistula after coronary artery bypass graft surgery: a rare cause of myocardial ischemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Luiz Gouvêa de Almeida Júnior

    2005-11-01

    Full Text Available Descrevemos o caso de um paciente que, seis anos após cirurgia de revascularização do miocárdio, desenvolveu dispnéia aos pequenos esforços. Foi documentada isquemia miocárdica por método de medicina nuclear e a cineangiocoronariografia mostrou todos os enxertos patentes com grande fístula da artéria torácica interna esquerda para artéria pulmonar esquerda. O paciente foi tratado com fechamento cirúrgico da fístula, tendo ótima evolução pós-operatória.We report a patient who developed dyspnea on mild exertion six years after coronary artery bypass graft surgery (CABG. Myocardial ischemia was documented by radionuclide imaging, and coronary angiography showed patency of all grafts and a large fistula between the left internal thoracic artery (LITA and the left pulmonary artery (LPA. The patient was submitted to surgical closure of the fistula and made an excellent recovery.

  13. Efeito protetor do per-condicionamento isquêmico remoto nas lesões da síndrome de isquemia e reperfusão renal em ratos Protective effect of remote ischemic per-conditioning in the ischemia and reperfusion-induce renal injury in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor Nagai Yamaki

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito protetor do per-condicionamento isquêmico remoto nas lesões de isquemia e reperfusão renal induzida. MÉTODOS: Quinze ratos (Rattus Novergicus foram randomizados em três grupos (n=5: Grupo Normalidade (GN, Grupo Controle - Isquemia e Reperfusão (GIR e Grupo Per-condicionamento isquêmico remoto (GPER. Com exceção do grupo GN, todos os demais foram submetidos à isquemia renal de 30 minutos. No grupo GPER, foi realizado o per-condicionamento isquêmico remoto, constituído de três ciclos de isquemia e reperfusão de cinco minutos cada aplicado, durante o período de isquemia, no membro posterior esquerdo dos ratos, por meio de torniquete. Para quantificar as lesões, foram dosados os níveis séricos de ureia e creatinina, bem como, analisada a histopatologia renal. RESULTADOS: O grupo GPER apresentou-se com melhores níveis de ureia (83,74 ± 14,58% e creatinina (0,72 ± 26,14% quando comparado ao grupo GIR, se aproximando do grupo GN. Na histopatologia, os menores níveis de degeneração hidrópica e congestão medular foram encontrados no grupo GPER. CONCLUSÃO: O per-condicionamento isquêmico remoto apresentou importante efeito protetor na lesão de isquemia e reperfusão renal.OBJECTIVE: To evaluate the protective effect of remote ischemic per-conditioning in ischemia and reperfusion-induced renal injuiry. METHODS: Fifteen rats (Rattus norvegicus were randomized into three groups (n = 5: Group Normality (GN, Control Ischemia and Reperfusion (GIR and Group remote ischemic per-conditioning (GPER. With the exception of the GN group, all others underwent renal ischemia for 30 minutes. In group GPER we performed the ischemic remote per-conditioning, consisting of three cycles of ischemia and reperfusion applied every five minutes during the ischemic period, to the left hindlimb of the rats by means of a tourniquet. To quantify the lesions we measured serum levels of creatinine and urea, as well as analyzed

  14. Influence of S(+-ketamine analgesia in renal intraoperative ischemia: histological study in rats Influência da analgesia com S(+-cetamina em isquemia renal intra-operatória: estudo histológico em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eloy Rusafa Neto

    2006-08-01

    Full Text Available PURPOSE: To study in rats the effect of S(+­ketamine on the renal histology after intraoperative hemorrhage. METHODS: Twenty male Wistar rats, anesthetized with sodium pentobarbital, were randomly divided in 2 groups: G1 - control (n=l0 and G2 - S(+-ketamine (n=10, both submitted to arterial hemorrhage of 30% of volemia in 3 moments (10% each 10 min 60 min after anesthesia. G2 received S(+-ketamine, 15 mg. kg-1, i.m., 5 min after anesthesia and 55 min before the 1st hemorrhage moment (Ml. Medium arterial pressure (MAP, rectal temperature (T and heart rate were monitored. The animals were sacrificed in M4, 30 min after the 3rd hemorrhage moment (M3 and the kidneys and blood collected from hemorrhage were utilized for histological study and hematocrit (Ht determination. RESULTS: There were significant reduction of MAP, T, and Ht. The histological study verified G1 = G2 for tubular dilation, congestion, and necrosis. The total score addition were significant1y different and G2 > G 1. CONCLUSION: Hemorrhage and hypotension determined changes in kidney histology. The rise in catecholamine blood concentration probably was the cause of S(+-ketamine-induced higher score of histological changes.OBJETIVO: Investigar, em ratos, o efeito da S(+cetamina na histologia renal após hemorragia intra-operatória. MÉTODOS: Vinte ratos Wistar machos, anestesiados com pentobarbital sódico, foram divididos, aleatoriamente, em 2 grupos: G1 - controle (n=10 e G2 - S(+cetamina (n=10, submetidos a hemorragia de 30% da volemia em 3 momentos (10% a cada 10 min 60 min após anestesia. G2 recebeu S(+cetamina, 15 mg. kg-1, i.m., 5 min após anestesia e 55 min antes do 1.º momento de hemorragia (M1. Foram monitorizadas a pressão arterial média (PAM, temperatura retal (T e freqüência cardíaca. Os animais foram sacrificados (M4 30 min após o 3.º momento de hemorragia (M3. Os rins e o sangue das hemorragias foram utilizados para estudo histológico e do hemat

  15. Prevalência de isquemia miocárdica na cintilografia em mulheres nos períodos pré/pós-menopausa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Augusto Message dos Santos

    2013-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: No período pós-menopausa, a presença dos fatores de risco para doença arterial coronária (DAC aumentam. Entretanto, não é bem estabelecida a diferença de prevalência de isquemia miocárdica em mulheres pré/pós-menopausa com múltiplos fatores de risco para DAC. OBJETIVO: Comparar a prevalência de isquemia na cintilografia de perfusão miocárdica com sestamibi-99mTc (CPM em mulheres nos períodos pré/pós-menopausa e avaliar se a menopausa pode ser considerada fator preditor de risco independente para isquemia em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC. MÉTODOS: Analisamos, retrospectivamente, 500 CPM de mulheres pré/pós-menopausa, com múltiplos fatores de risco cardiovascular. A análise estatística foi realizada por teste exato de Fisher e pelas análises univariada e multivariada, sendo considerado significativo o valor de p < 0,05. RESULTADOS: Do total, 55,9% das mulheres estavam no período pós-menopausa, 83,3% eram hipertensas, 28,9% diabéticas, 61,2% dislipidêmicas, 32,1% tabagistas, 25% obesas e 34,3% já apresentavam DAC conhecida. No grupo pós-menopausa, as mulheres eram mais hipertensas, diabéticas e dislipidêmicas, e tiveram menor capacidade funcional no teste ergométrico (p = < 0,005. Não houve diferença estatística significativa na presença de isquemia na CPM entre os grupos pré/pósmenopausa (p = 0,395. A única variável associada à isquemia na CPM foi a presença de DAC prévia (p = 0,004. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos sugerem que, em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC, a menopausa não foi fator preditor independente de isquemia na CPM. Essas informações reforçam a ideia de que a investigação de isquemia pela CPM em mulheres com múltiplos fatores de risco para DAC talvez deva iniciar antes da menopausa.

  16. Efeito do alopurinol e terapia com oxigênio hiperbárico em modelo de reimplante de membro após isquemia quente em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Sacramento Cunha

    Full Text Available OBJETIVO: A isquemia prolongada leva a alterações na microcirculação tecidual e liberação de radicais livres do oxigênio conhecidas como fenômeno de não reperfusão. Foi testado um modelo experimental de reimplante de membro após isquemia quente e os efeitos do fármaco alopurinol e da terapia com oxigênio hiperbárico. MÉTODO: Foram realizadas amputações com preservação dos vasos e nervos dos membros posteriores direitos em 95 ratos. Os grupos modelos M1, M2, M3, M4 e M5 foram submetidos à isquemia quente de 0, 2, 4, 6 e 8 horas. As taxas de viabilidade dos membros isquêmicos após sete dias de avaliação foram 100%, 80%, 63,6%, 50% e 20%. Os grupos experimentais E1 e E2 foram tratados, respectivamente, com alopurinol e terapia com oxigênio hiperbárico após isquemia de 6 horas. As taxas de viabilidade foram 70% e 30%. Os resultados foram analisados estatisticamente pelo teste do Qui-quadrado. RESULTADOS: Os grupos M1, M2, M3, M4 e M5 foram estatisticamente diferentes entre si exceto os grupos M3 e M4. E1 resultou em uma viabilidade de membros maior que M4 e E2 resultou em uma viabilidade de membros menor que M4(resultados estatisticamente significantes. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que a administração do alopurinol após isquemia do membro por 6 horas aumenta a taxa de viabilidade dos membros isquêmicos, e a terapia com oxigênio hiperbárico diminuiu a viabilidade dos membros isquêmicos.

  17. Estudio morfológico de la formación del hipocampo humano en la hipoxia-isquemia perinatal.

    OpenAIRE

    González Fuentes, Joaquín

    2014-01-01

    La hipoxia-isquemia (HI) perinatal constituye una de las principales causas de alteraciones del desarrollo normal del sistema nervioso central. El cerebro es particularmente vulnerable a estos episodios de HI, especialmente la formación del hipocampo (FH). Esta estructura, localizada en el lóbulo temporal medial, está implicada directamente en la formación y consolidación de la memoria declarativa, así como en el aprendizaje. Las lesiones en la FH tienen como resultado por tanto daños irrepar...

  18. Tratamento cirúrgico da hemorragia cerebral: considerações a propósito de 11 casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1977-03-01

    Full Text Available Após breves comentários sobre os achados angiográficos em 298 doentes com acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico, é realçada a importância da angiografia cerebral como o método ideal de diagnóstico, tendo em vista a variedade de fatores fisiopatogênicos e etiológicos envolvidos na gênese dessas síndromes. São discutidos a seguir, particularmente, os resultados obtidos com o tratamento cirúrgico de 11 pacientes com hematoma intracerebral espontâneo. Apesar da divergência de opiniões a este propósito, a melhora acentuada que observamos em 54,6% de nossos doentes, motiva-nos a considerar o tratamento cirúrgico indicado na maioria dos casos de hemorragia cerebral primária.

  19. Ressonância magnética funcional na determinação da lateralização da área cerebral da linguagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meneses Murilo S.

    2004-01-01

    Full Text Available A ressonância magnética funcional (RMF é uma nova técnica capaz de detectar pequenas alterações no fluxo sanguíneo e oxigenação de tecidos cerebrais em que ocorre ativação neuronal. O seu emprego na avaliação pré-cirúrgica de pacientes com epilepsia portadores de esclerose mesial temporal está atualmente em avaliação em alguns centros de neurologia. O principal objetivo é encontrar o melhor paradigma de ativação na avaliação das funções de linguagem e memória, visando a substituição do teste de Wada, largamente utilizado nos dias de hoje. Para formular um paradigma já adaptado ao nosso idioma, apresentamos a nossa experiência em uma tarefa comportamental de fluência verbal na determinação da lateralização da área cerebral da linguagem. Avaliaram-se os exames de RMF de uma clínica de imagem particular em Curitiba por período de aproximadamente dois anos. Dos 19 pacientes estudados, obteve-se sucesso no exame em 16 e, destes, todos apresentavam dominância hemisférica cerebral da linguagem à esquerda. Em um subgrupo com 5 pacientes foi possível comparar os resultados obtidos com a técnica de Wada e RMF, havendo concordância entre as técnicas. A partir deste estudo e de vários outros semelhantes na literatura, acreditamos que a RMF está progressivamente conquistando seu espaço na prática médica.

  20. Infarto cerebral e edema avaliação prognóstico-evolutiva por sinais neurológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rubens José Gagliardi

    1991-03-01

    Full Text Available Trata-se de estudo prospectivo abrangendo 92 doentes com infarto cerebral (IC. O seguimento foi feito durante 10 dias com avaliação diária, sendo os doentes analisados por escala de notas para diferentes sinais costumeiramente pesquisados nesses casos. A metodologia foi especialmente desenvolvida no sentido de analisar exclusivamente alterações devidas ao edema oriundo da isquemia e IC. As conclusões foram obtidas por comparação isolada das médias das notas de cada sinal com a média do total das notas. Os resultados mostram que o exame da «consciência», isoladamente, é o melhor parâmetro clínico para averiguar a evolução do doente após um IC, sem outras complicações que não o edema.

  1. Desordens paralógicas e alógicas à luz da patologia cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isaías H. Melsohn

    1959-06-01

    Full Text Available A revisão das investigações de Kleist sôbre a patologia cerebral mostram como suas idéias sôbre o dinamismo surgem a partir da realidade clínica. As investigações neurológicas servem de guia para as psicopatológicas. E, assim, por etapas, elaborou Kleist as noções dos "sistemas cerebrais" e seu papel no que tange às funções neurológicas e psíquicas. Uma função nervosa qualquer é assegurada pelo concurso de dois setores funcionais a que correspondem substratos anatômicos próprios; ao exercício complexo das funções da motilidade automática, por exemplo, correspondem várias estruturas anatômicas em todas as quais distinguem-se dois grupos de centros com sentido funcional diverso: um, a que cabe o papel de recepção e coordenação de estímulos, outro, de efetuação. Tal dualidade de funções primordiais é a base para o desempenho de atividades neurológicas ou psíquicas, ocorrendo tanto no setor da motilidade automática, como no da psicomotilidade, no da ação explícita, no da linguagem, no do pensamento abstrato. Foi a patologia que permitiu a Kleist a separação entre dois setores funcionais prepostos a elaboração do pensamento abstrato: aos campos 19 e 39 de Brodmann correspondem funções receptivo-coordenadoras prepostas à elaboração dos conceitos; a perturbação dessas funções conduz a uma desordem que consiste na dificuldade ou impossibilidade de elaboração dos conceitos isolados: desordem paralógia. O homem, porém, não pensa por meio de conceitos isolados; reúne-os em juízos, por meio de relações predicativas. Ê ao córtex cerebral frontal, campo 46, que dizem respeito tais funções de reunião, de efetuação do pensamento discursivo. As perturbações dessas funções, por desarranjo meramente dinâmico ou por desorganização anatômica, determinam a desordem alógica. Conquanto os dois tipos sejam encontradiços em variadas moléstias por lesão cerebral - assumindo, então, o

  2. Ketone bodies metabolism during ischemic and reperfusion brain injuries following bilateral occlusion of common carotid arteries in rats Metabolismo dos corpos cetônicos durante as lesões de isquemia e reperfusão cerebrais após oclusão bilateral das artérias carótidas comuns em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Henrique Girão Faria

    2007-04-01

    TODOS: Quarenta e oito ratos Wistar machos foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos (S - Controle; T - Teste e cada um deles redistribuídos em quatro tempos de estudos. Após oclusão bilateral das CCAs por 30min, permitiu-se reperfusão aos animais do grupo T nos tempos 0, 5, 10 e 15min. Foram coletadas amostras de tecido cerebral e sangue arterial sistêmico e quantificados os metabólitos acetoacetato (ACT e beta-hidroxibutirato (BHB. RESULTADOS: Os níveis cerebrais de ACT e BHB aumentaram significantemente no Grupo T após 30min de oclusão carotídea (tempo 0. A maior concentração de corpos cetônicos (ACT+BHB foi verificada aos 5min de reperfusão, diminuindo após 10min de recirculação. Os níveis de corpos cetônicos sistêmicos aumentaram de modo semelhante entre os grupos teste e controle. O Grupo S demonstrou significante aumento nas concentrações sistêmicas e cerebrais de ACT e BHB principalmente após 40-45min de estudo. CONCLUSÕES: A isquemia cerebral aguda transitória e parcial induzida pela oclusão bilateral das carótidas em ratos Wistar ativou a cetogênese provavelmente devido à estimulação central da secreção de catecolaminas. Houve um aumento da captação dos corpos cetônicos após isquemia cerebral, reafirmando esses metabólitos como substratos energéticos alternativos em condições de estresse metabólico cerebral, bem como suas potencialidades na neuroproteção. As maiores alterações no metabolismo dos corpos cetônicos foram verificadas nos minutos iniciais de recirculação como resultado do fenômeno da lesão de reperfusão.

  3. Participação de crianças com paralisia cerebral nos ambientes da escola Participation of children with cerebral palsy in school environments

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Baleroni Rodrigues Silva

    2012-03-01

    Full Text Available Diante do amplo debate acerca da inclusão do educando com necessidades especiais em escola regular, esta pesquisa teve como objetivo descrever a participação da criança com paralisia cerebral nas atividades funcionais nos diferentes ambientes da escola, a partir da percepção de seus professores. Participaram deste estudo 10 professores e seus respectivos alunos com paralisia cerebral do município de São Paulo. Foi realizada a aplicação da parte I da School Function Assessment junto aos professores, a fim de examinar o nível de participação do aluno em seis ambientes da escola: sala de aula, pátio/recreio, transporte para e da escola, banheiro, transições para/da sala de aula e hora da refeição/ lanche. O Teste de Friedman e o Teste de Wilcoxon para duas populações correlatas foram utilizados para identificar diferenças significativas entre os escores obtidos na participação nos ambientes. Os resultados apontaram diferenças significativas nos escores da participação nos ambientes Transporte e Pátio/Recreio, Transporte e Transições, Transporte e Classe, Transporte e Lanche, Banheiro e Classe, Banheiro e Lanche. As crianças tiveram boa participação na classe, porém, a presença de barreiras arquitetônicas interferiu no desempenho de tarefas no banheiro, como sentar-se no vaso sanitário e levantar-se dele, lavar as mãos, assim como o transporte não adaptado. Notou-se, ainda, que recursos para mobilidade, como andador ou muletas, consistiram em importantes facilitadores da participação no pátio/recreio e transições. Esta pesquisa evidenciou a necessidade de ações de esferas governamentais para implementação de adaptações ambientais nas escolas, especialmente aquelas relativas aos transportes e transições.Concerned with the widespread debate about the inclusion of students with special needs in regular schools, this study aimed to describe the participation of children with cerebral palsy in functional

  4. Avaliação da sobrecarga do cuidador de crianças com paralisia cerebral através da escala Burden Interview Assessment of the caregiver burden of children with cerebral palsy using the Burden Interview scale

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Resende Camargos

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar fatores que influenciam na sobrecarga dos cuidadores de crianças com paralisia cerebral. MÉTODOS: foram entrevistados 56 cuidadores de crianças com paralisia cerebral com idade entre um e 15 anos. Para avaliar a sobrecarga dos cuidadores foi utilizada a escala Burden Interview e foram coletados dados sobre nível socioeconômico da família, gravidade do comprometimento motor, diagnóstico topográfico e idade das crianças com paralisia cerebral. Para análise dos dados foram utilizados os testes Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. RESULTADOS: um menor nível socioeconômico da família (p=0,03 e uma menor gravidade do comprometimento motor (p=0,05 das crianças com paralisia cerebral foram associados com maior sobrecarga do cuidador. Não houve diferença significativa em relação ao diagnóstico topográfico (p=0,71 e à idade das crianças com paralisia cerebral (p=0,35. CONCLUSÕES: o conhecimento de fatores que influenciam a sobrecarga dos cuidadores de crianças com paralisia cerebral é mais um dado a ser agregado no planejamento de atenção e intervenção a esse público específico.OBJECTIVES: to evaluate factors that influence the caregiver burden of children with cerebral palsy. METHODS: 56 caregivers who worked with children with cerebral palsy aged between one and fifteen years old were evaluated. To evaluate the caregiver burden the Burden Interview scale was used, along with data on the social and economic circumstances of the children's families, the severity of motor impairment, topographic diagnosis and age of child. The Mann-Whitney and Kruskal-Wallis test were used for data analysis. RESULTS: poorer social and economic circumstances of the children's families (p=0.03 and a lower severity of motor impairment (p=0.05 in the child with cerebral palsy were associated to a heavier caregiver burden. There was no significant difference in the case of topographic diagnosis (p=0.71 and age of child with cerebral

  5. Papel das mutações do gene da aquaporina 4 no edema cerebral de etiologia traumática

    OpenAIRE

    Ricardo Ribeiro Romeiro

    2010-01-01

    Os traumas tornaram-se um importante problema social e de saúde pública, e são a segunda principal causa de morte nos grandes centros urbanos no Brasil e de alguns outros países do mundo. Edema cerebral e hemorragia são fatores envolvidos na determinação do quadro clínico e prognóstico da lesão cerebral traumática. O edema cerebral contribui significativamente para a morbidade e mortalidade após o trauma crâniencefálico. A descoberta dos canais de água, aquaporinas, forneceu novos e important...

  6. AS ALTERAÇÕES NA DINÂMICA FAMILIAR DIANTE DO DIAGNÓSTICO DA CRIANÇA COM PARALISIA CEREBRAL: ESTADO DA ARTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Luzia de Oliveira

    2012-01-01

    Full Text Available O nascimento de uma criança com Paralisia Cerebral ocasiona alterações na dinâmica familiar. Deste modo, o objetivo deste estudo é conhecer o que se tem abordado no meio científico sobre as alterações na dinâmica familiar diante do diagnóstico de crianças com paralisia cerebral. Tratou-se de uma revisão de literatura do tipo Estado da Arte, junto às bases de dados LILACS, SciELO e o Banco de Teses e Dissertações da CAPES, com os temos paralisia cerebral e família, no período de 2000 à 2010. Dos 79 artigos encontrados, 18 fizeram parte da amostra. Os artigos analisados mostraram que os cuidadores de crianças com paralisia cerebral que não possuem uma rede de apoio familiar e profissional tendem a apresentar queda na qualidade de vida, nível maior de estresse e quadros de depressão, quando comparados com cuidadores que possuem uma rede de apoio. Também, pode-se observar que a maioria dos cuidadores não conseguiu retomar sua vida acadêmica ou profissional, teve redução de momentos destinados às atividades de lazer, bem como, queda na qualidade do relacionamento conjugal. Diante dos resultados, conclui-se que as mudanças na dinâmica familiar de cuidadores de crianças com paralisia cerebral podem comprometer a saúde mental e a qualidade de vida destes quando não há suporte das redes de apoio.

  7. Vasculite cerebral e doença de Basedow-Graves: relato de dois casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rocha Maria Sheila Guimarães

    2001-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar dois casos de pacientes com vasculite cerebral associada à doença de Basedow-Graves. RELATO DOS CASOS: O primeiro é uma paciente de 22 anos de idade com quadro súbito de disartria e déficit motor em dimídio esquerdo. Ao exame clínico, apresentava taquicardia, exoftalmia bilateral e bócio difuso. Referia tratamento para hipertiroidismo há um mês. O segundo é uma paciente de 15 anos de idade, que apresentou quadro súbito de perda da consciência seguindo-se distúrbio de linguagem e déficit motor em hemicorpo direito. RESULTADOS: Os exames de imagem revelaram áreas de lesão cerebral sugestivas de isquemia. Os estudos angiográficos cerebrais evidenciaram estenoses vasculares múltiplas compatíveis com arterite. Foram descartadas outras causas possíveis de vasculite cerebral. Os exames laboratoriais revelaram hipertiroidismo e presença dos anticorpos antimicrossomais e antitireoglobulina. As duas pacientes receberam tratamento para o hipertiroidismo. CONCLUSÃO: A associação entre arterite cerebral e doença de Basedow-Graves sugere que possa existir um elo na patogenia das duas doenças através de mecanismo auto-imune comum a ambas.

  8. A neurotoxicidade da Cannabis sativa e suas repercussões sobre a morfologia do tecido cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara da Silva Santos

    2014-04-01

    Full Text Available Para a compreensão das repercussões psicológicas e comportamentais verificadas em usuários de Cannabis sativa, experimentos têm sido desenvolvidos analisando a relação entre a intensidade do uso da droga e biomarcadores de lesão e inflamação. Dessa forma, este estudo teve como objetivo realizar pesquisa bibliográfica, relacionando marcadores bioquímicos de neurotoxicidade e suas repercussões sobre a morfologia do tecido cerebral em usuários de Cannabis sativa, durante a exposição ao ∆9-THC por via intravenosa e em pesquisas in vitro. Trata-se de uma revisão narrativa cuja pesquisa bibliográfica foi realizada nos bancos de dados PubMed, SciELO e Google Acadêmico, utilizando-se como critério de inclusão os seguintes termos: “Cannabis sativa”, “marijuana”, “maconha”, “Δ9-THC”, “neurotrophins”, “neurotrofinas”, “prostaglandins”, “prostaglandinas”, “BDNF” e “NGF”. Dessa forma, foram selecionados 40 artigos para integrar a presente revisão, datados de 1987 a 2013. O período de realização da pesquisa bibliográfica foi de agosto de 2011 a maio de 2013. Foi possível identificar os tipos e a magnitude das alterações morfológicas e bioquímicas decorrentes do uso de Cannabis sativa ou da exposição ao ∆9-THC. De uma forma geral, foi constatada a diminuição das massas cinzenta e branca do cérebro, da densidade do hipocampo, do volume das células neurais, entre outros. Foram constatadas também alterações nos níveis séricos de neurotrofinas e na biossíntese de prostaglandinas, de acordo com a metodologia utilizada ou região avaliada. Esses achados poderiam estar relacionados às mudanças comportamentais observadas em usuários de Cannabis sativa, esclarecendo, por exemplo, diversos sintomas psíquicos relatados na literatura.

  9. Isquemia aguda de miembros inferiores secundaria a ergortismo

    OpenAIRE

    Franco J. Vallejo, MD; Juan F. Gómez, MD; Natalia Tamayo, MD

    2011-01-01

    Paciente de género femenino, de 21 años de edad, quien ingresó por dolor progresivo e intenso en miembros inferiores, y refirió antecedente reciente de ingestión de derivados del ergot. Al examen físico se observó ausencia de pulsos en ambos miembros inferiores. Por angiotomografia se documentó disminución severa, generalizada y bilateral, del calibre de los vasos arteriales de miembros inferiores. Se diagnosticó isquemia arterial aguda secundaria a ergotismo y se inició tratamiento con vasod...

  10. A acetamida de pirrolidona como medicação auxiliar no tratamento da paralisia cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Salete Pinheiro Chagas Ribeiro

    1976-06-01

    Full Text Available Vinte crianças, com diagnóstico de paralisia cerebral (PC e sob tratamento clássico, fisioterápico e pedagógico, receberam piracetam (acetamida de pirrolidona como medicação auxiliar. O objetivo foi melhorar os problemas de espasticidade, apredizagem, neurolabilidade, visando a um rendimento melhor do tratamento global da PC. O grupo medicado foi comparado com um grupo controle de 20 crianças que só eram objeto do tratamento habitual. A comparação mostrou resultados favoráveis no grupo medicado. A droga foi administrada na dose de 80 mg/kg/dia durante 10 semanas. Os critérios de avaliação dos resultados foram psicológicos, clínico, fisioterápico e pedagógico. A droga foi administrada em nova forma de apresentação: solução, para uso oral, a 6%.

  11. Expressao genica associada ao estresse oxidativo no coracao de camundongo apos isquemia intestinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Frederico Somaio Neto

    2014-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O fenômeno da isquemia e reperfusão intestinal é um evento frequente na clínica e está associado a repercussões deletérias em órgãos a distância, em especial ao coração. OBJETIVO: Investigar a expressão gênica do estresse oxidativo e defesa antioxidante no coração de camundongos isogênicos, submetidos a isquemia e reperfusão intestinal (IR. MÉTODOS: Doze camundongos (C57BL/6 foram distribuídos em dois grupos: Grupo IR (GIR com 60 min de oclusão da artéria mesentérica superior, seguidos de 60 min de reperfusão. Grupo Controle (GC submetidos a anestesia e a laparotomia sem o procedimento de IR observados por 120 min. As amostras de intestino e coração foram processadas pelo método (RT-qPCR / Reverse transcriptase - quantitative Polymerase Chain Reaction para determinar a expressão gênica de 84 genes relacionados ao estresse oxidativo ("t" de Student, p < 0,05. RESULTADOS: Observou-se no tecido intestinal (GIR uma expressão significantemente aumentada em 65 (74,71% genes em relação ao tecido normal (GC, e 37 (44,04% genes estiveram hiperexpressos (maior que três vezes o limiar permitido pelo algoritmo. No tocante aos efeitos da I/R intestinal a distância no tecido cardíaco verificou-se a expressão significantemente aumentada de 28 genes (33,33%, mas somente oito genes (9,52% se hiperexpressaram três vezes acima do limiar. Quatro (7,14% desses oito genes se expressaram simultaneamente nos tecidos intestinal e cardíaco. No GIR notaram-se cardiomiócitos com núcleos de menor tamanho, picnóticos, ricos em heterocromatina e raros nucléolos, indicando sofrimento cardíaco. CONCLUSÃO: A I/R intestinal promoveu a hiperexpressão estatisticamente significante de oito genes associados ao estresse oxidativo a distância no tecido miocárdico.

  12. A contribuição da psicopedagogia para a inclusão do aluno com paralisia cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudovil Barroso de Almeida Júnior

    2014-12-01

    Full Text Available O estudo pesquisará a atuação do psicopedagogo para a inclusão do aluno com paralisia cerebral no ambiente socioeducacional, por meio do trabalho interdisciplinar. Os objetivos da pesquisa foram: analisar como a psicopedagogia contribuirá para a inclusão deste aluno e, compreender como as estratégias pedagógicas utilizadas pelo psicopedagogo servirão para a inserção do educando. A metodologia concentrou-se na pesquisa de campo, com intuito de interpretar a realidade que está sendo investigada, com características qualitativas. Quanto aos resultados, o estudo indicou que, para haver a inclusão do aluno com paralisia cerebral, uma equipe interdisciplinar precisa ser criada e, o psicopedagogo tem que compor permanentemente essa equipe dentro do ambiente escolar, visto que o trabalho com este aluno carece da colaboração dos profissionais da educação e da saúde. Logo, conclui-se que a contribuição do psicopedagogo para a inclusão do aluno com paralisia cerebral se efetivará mediante o redimensionamento das percepções dos profissionais, ao adotarem a concepção da educação inclusiva em suas ações pedagógicas, no sentido de acreditar no desenvolvimento das potencialidades desse educando, por meio do aprimoramento das estruturas cognitivas, afetivas e sociais, vislumbrando nessa perspectiva sua autonomia e independência

  13. Caracterização da patologia cerebral, da psicopatologia e da heredologia psiquiátrica na doutrina de Kleist

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aníbal Silveira

    1959-06-01

    Full Text Available O ano de 1959 assinala três datas especiais em uma das mais férteis carreiras científicas: completa 80 anos Karl Kleist, nascido em Mülhausen, na Alsácia, a 31 de janeiro de 1879, que comemora o jubileu de venia legendi (1909; e há um quarto de século veio à luz a Gehirnpathologie (1934, que marca a nova era da fisiopatologia cerebral. A construção doutrinária de Kleist combina e aperfeiçoa as diretrizes isoladas de Meynert, de Wernicke e de Kraepelin. Constitui nela uma constante a união da psicopatologia à patologia cerebral; e a pesquisa no domínio clínico se norteia pela patogenia, pela heredologia e pela catamnese sistemática. Na própria patogênese - tanto dos quadros clínicos como dos sintomas - há a considerar a diferente participação do tronco cerebral e da corticalidade. E aqui, a seu turno, é preciso distinguir as funções que dependem de regiões posteriores. Assim, descreveu Kleist, respectivamente, os distúrbios agramáticos e os paragramáticos, os alógicos e os paralógicos, em analogia com os afásicos e os parafásicos. Demonstrou pela primeira vez, em 1905, a existência da afasia de condução e isolou dois novos tipos de apraxia: a apraxia segmentar e a apraxia de construção. Outros quadros psicopatológicos descritos por êle também se tornaram clássicos: a carência de iniciativa, a apraxia de iniciativa, a apraxia de ação coordenada (Handlungsfolge, a cegueira espacial (Ortsblindheit, a agnosia cromática - que depende da noção abstrata de côr e nada tem a ver com o daltonismo - e ainda os quadros psiquiátricos cíngulo-orbitários. Divide a esfera da personalidade em diversos estratos de grande relevância clínico-localizatória (quadro 1. A carta localizatória - plano estrutural e funcional do cérebro - ultrapassa a qualquer empreendimento análogo, tanto pela análise penetrante quanto pela adaptação à realidade clínica (figs. 1 e 2. Sobreleva notar aí que Kleist separa

  14. A cerebralização da fadiga: uma análise da hipótese cerebral no caso da síndrome da fadiga crônica The cerebralization of fatigue: an analysis of the cerebral hypothesis in the case of chronic fatigue syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ortega

    2010-06-01

    Full Text Available Analisam-se algumas condições que permitiram ao cérebro estabelecer-se como hipótese etiológica, no caso da síndrome da fadiga crônica (SFC, junto com outras hipóteses relacionadas a causas orgânicas, como os vírus e a imunidade. Aborda-se, a partir do uso de neuroimageamento para pesquisa e fins diagnósticos, o processo de cerebralização da identidade, segundo o qual o cérebro se constitui como lugar preferencial para a busca de causa das doenças - incluída a SFC - no contexto de uma cultura somática, acirrada no final do século XX.The article analyzes a number of conditions that allowed the brain to become established as an etiological hypothesis in the case of chronic fatigue syndrome (CFS, together with other hypotheses related to organic causes, such as viruses and immunity. It also addresses the process of cerebralization of personhood, which grew out of the use of neuroimaging for research and diagnostic purposes and according to which the brain constitutes the prime place for looking for the cause of the diseases - including CFS - within the context of a somatic culture, intensified at the end of the twentieth century.

  15. Glial reaction in the hippocampus after global cardiogenic ischemia Reação glial no hipocampo após isquemia global cardiogênica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emerson Fachin Martins

    2001-03-01

    . Entretanto, eventos indesejáveis durante os procedimentos cirúrgicos podem ocorrer promovendo mudanças específicas nos resultados que devem ser levadas em consideração. Para estudar possibilidade, interrupção cardiogênica transitória do fluxo sangüíneo junto com a oclussão bilateral transitória das artérias caróridas comum (2VO foi realizada em ratos e o estado de ativação de astrócitos e microglia foi analisado através da imunohistoquímica da proteína fibrilar ácida glial (GFAP and OX42, respectivamente. Os ratos foram submetidos à isquemia cerebral global incompleta (IGCI pela oclusão bilateral das artérias caróditas por 20 minutos. Durante o procedimento cirurgico da IGCI, alguns ratos receberam uma alta dose de anestésico de hidrato de cloral que promoveu uma interrupção cardiogênica do fluxo sangüíneo (CIBF por um período de 10 minutos. Durante este período os ratos foram submetidos a massagem cardíaca e ventilados. Uma operação simulada foi realizada nos ratos controles. Os ratos foram mortos 14 dias após a cirurgia e seus cérebros processados para a imunohistoquímica. Os animais que receberam uma IGCI apresentaram uma leve reação astroglial e microglial em todos os sub-campos da formação hipocampal, entretanto os animais submetidos à CIBF mostraram uma infiltração massiça de astrócito e microglia reativos no sub-campo CA1. Estes resultados demonstram que oclusão bilateral transitória das artérias carótidas comum ativam as células gliais no hipocampo, entretanto esta resposta pode ser mudada substancialmente nos animais desenvolvendo hipoperfusão sistêmica durante o procedimento cirúrgico. Então, monitoramente acurado das condições hemodinâmicas do animal deve ser feito em modelos de isquemia cerebral e os resultados devem ser analisados em vista deste aspecto.

  16. Repercussões da L-alanil-glutamina sobre as concentrações de lactato e lactato desidrogenase (LDH em pacientes com isquemia crítica dos membros inferiores submetidos a revascularização distal Repercussions of l-alanyl-glutamine upon the concentrations of lactate and lactate dehydrogenase (LDH in patients with critical ischemia of lower limbs subjected to distal revascularization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington Forte Alves

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar efeitos da L-alanil-glutamina nas concentrações musculares de lactato, e nas concentrações sanguíneas de LDH, em pacientes com isquemia crítica dos membros inferiores submetidos à revascularização distal. MÉTODOS: Dezesseis adultos (12-homens/4-mulheres foram distribuídos em 2 grupos (1-controle/2-estudo. Três horas após injeção endovenosa de 250 ml de L-alanil-glutamina a 20% adicionados a 750 ml de soro fisiológico (Grupo 2, ou 1000 ml de solução salina (Grupo 1, iniciava-se a revascularização, sob raquianestesia. Amostras musculares e de sangue (arterial/venoso foram coletadas no início do procedimento (TI, no final (TF, e 10 e 20 minutos após isquemia (T1/T2. RESULTADOS: Observou-se redução significante (pPURPOSE: Investigate the repercussions of L-alanyl-glutamine in muscular tissue concentrations of lactate, and venous and arterial blood concentrations of LDH, in patients with critical ischemia of the lower limbs submitted to distal revascularization. METHODS: Sixteen adults (12 male/4 female were distributed in 2 groups (1-Control/2-Experiment. Three hours after the intravenous injection of 250 ml of a 20% solution of L-alanyl-glutamine added to 750 ml of saline solution (Group 2; or 1000 ml of saline solution (Group 1, distal bypass was carried out under spinal anesthesia. Muscle and blood samples (arterial/venous were collected at the beginning of the surgical procedure (TI, at the end (TF, and 10 and 20 minutes after re-establishment of blood flow. RESULTS: Significant reduction (p<0,05 of lactate concentration was observed in healthy muscle tissue in L-alanyl-glutamine treated patients in comparison to control group, at all times studied. There was a significant reduction (p <0,05 in venous concentrations of LDH in treated patients at all times studied (TI/TFV/T1V/T2V; and in arterial blood during reperfusion (T1A/T2A. CONCLUSIONS: 1. Decreased lactate concentrations in healthy skeletal

  17. Cuidado da família à criança portadora de paralisia cerebral nos três primeiros anos de vida

    OpenAIRE

    Milbrath, Viviane Marten

    2008-01-01

    Dissertação(mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Escola de Enfermagem, 2008. A questão norteadora desse estudo surgiu a partir da vivência pessoal e profissional da pesquisadora. Ao pesquisar o tema cuidado à criança portadora de paralisia cerebral, buscou-se respostas para a questão norteadora: Como a família cuida da criança portadora de paralisia cerebral nos três primeiros anos de vida? Para encontrar respostas a essa questão, o es...

  18. Terapia Ocupacional y daño cerebral adquirido. conceptos básicos.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sánchez Cabeza, A

    2005-09-01

    Full Text Available ABSTRACT:Occupational Therapy is the use of purposeful activity or interventions designed to achieve functional outcomes that promote health, prevent injury or disability, and that develop, improve, sustain or restore the highest possible level of independence of any individual who has an injury, illness, or any other disorder or difficulty. This articled has been intended to describe basic concepts for the understanding of Occupational Therapy intervention with acquired brain damage survivors.Current theories about motor control, cognition and learning have had an effect on recent therapeutic strategies used to improve functional performance after brain injury. It is generally accepted that human performance (daily life activities requires complex interactions between perceptual, cognitive, and motor systems in relation to specific tasks and environments. The ultimate goal of Occupational Therapy is to enable individuals to perform the tasks that are essential in their lives. An occupational therapist assess underlying motor, cognitive, perceptual, and interpersonal skills as well as task performance and valued roles. Depending on a person’s current potential for recovery, the occupational therapist facilitates task performance by improving relevant skills, developing and teaching compensatory strategies to overcome lost performance skills and maintain their own independence.RESUMEN:La Terapia Ocupacional constituye el uso propositivo de la actividad o intervenciones diseñadas para lograr objetivos funcionales que promuevan la salud, prevengan la enfermedad y que desarrollen la mejora, mantenimiento o recuperación del más alto nivel de independencia posible para cualquier sujeto que haya sufrido una lesión, enfermedad u otras dificultades. El siguiente artículo tiene como intención describir los aspectos básicos para la comprensión general de la intervención en Terapia Ocupacional en pacientes que han sufrido daño cerebral adquirido

  19. INVESTIGAÇÃO DO USO DE HEPARINIZAÇÃO REGIONAL DURANTE ISQUEMIA ARTERIAL TEMPORÁRIA EM COELHOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreschi Junior Dorival

    1999-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da heparinização regional durante a isquemia arterial temporária em coelhos. Os parâmetros avaliados foram a medida do tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPa e a presença ou ausência de trombos ou edema endotelial nos vasos estudados. Foram utilizados 40 coelhos Nova Zelândia, distribuídos em dois grupos de 20 animais. Após dissecção e reparo da artéria ilíaca esquerda, realizou uma arteriotomia e introduziu-se um cateter de polietileno para injeção de solução de heparina no grupo experimento ou de soro fisiológico no grupo controle. O TTPa foi medido no início do experimento e após 90 minutos de isquemia, não sendo encontrado diferenças significantes entre os valores iniciais e ao final do experimento. Na avaliação microscópica não foi encontrada a presença de trombos nos vasos dos animais de ambos os grupos. Em apenas um animal do grupo controle houve a ocorrência de espessamento intimal e desarranjo da camada média, interpretado como edema endotelial, porém este dado não foi significante. Concluiu-se que a injeção intra-arterial de heparina na dose de 60 UI/kg peso não provocou alterações significantes na coagulação sistêmica do coelho, e que na ausência de lesão endotelial não ocorreu trombose dos vasos estudados, com ou sem a utilização de heparina.

  20. Avaliação da linguagem após acidente vascular cerebral em adultos no estado de Sergipe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Sigefredo Arruda

    2014-06-01

    Full Text Available Objetivo analisar a ocorrência de distúrbios de linguagem nos indivíduos que sofreram Acidente Vascular Cerebral. Métodos foi avaliada a linguagem de todos os pacientes acometidos por Acidente Vascular Cerebral, atendidos de fevereiro a agosto de 2012, no setor de fisioterapia de centro de referência em educação e saúde do Estado de Sergipe. A avaliação foi baseada no Teste do Rio de Janeiro (2005. A análise dos dados foi realizada por meio de estatística descritiva e probabilística através da distribuição de frequência, cálculos da média, desvio padrão e percentis, do Teste U de Mann-Whitney e Qui-Quadrado. Resultado foram encontrados 31 indivíduos, de ambos os gêneros, com idade variando de 30 a 94 anos. Foi evidenciado que as variáveis: gênero, escolaridade e idade, influenciam no desempenho do teste, verificando-se que o gênero masculino, sujeitos abaixo de 65 anos e os com escolaridade acima de fundamental incompleto pontuam mais. Conclusão maior percentual da amostra apresenta mais alteração na compreensão do que na expressão.

  1. Parenchymal abnormalities in cerebral venous thrombosis: findings of magnetic resonance imaging and magnetic resonance angiography; Alteracoes parenquimatosas na trombose venosa cerebral: aspectos da ressonancia magnetica e da angiorressonancia

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Ferreira, Clecia Santos; Pellini, Marcos [Universidade Federal, Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Faculdade de Medicina. Dept. de Radiologia]. E-mail: csferreira@superig.com.br; Boasquevisque, Edson [Universidade do Estado do Rio de Janeiro, (UERJ), RJ (Brazil). Faculdade de Medicina. Dept. de Patologia; Souza, Luis Alberto M. de [Hospital da Beneficencia Portuguesa do Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Servico de Imagem. Setor de Ressonancia Magnetica

    2006-09-15

    Objective: to determine the frequency and localization of parenchymal abnormalities in cerebral venous thrombosis on magnetic resonance imaging and magnetic resonance angiography as well as their correlation with the territory and affected venous drainage. Materials and methods: retrospective analysis (1996 to 2004) of 21 patients (3 male and 18 female) age range between 3 and 82 years (mean 40 years, median 36 years) with clinical and radiological diagnosis of cerebral venous thrombosis on magnetic resonance imaging and magnetic resonance angiography in 2D PC, 3D PC and contrast-enhanced 3D TOF sequences. The statistical analysis was performed with the qui-square test. Four patients had follow-up exams and three patients underwent digital subtraction angiography. Results: main predisposing factors were: infection, use of oral contraceptives, hormone replacement therapy and collagenosis. Predominant symptoms included: focal deficit, headache, alteration of consciousness level and seizures. Most frequent parenchymal manifestations were: cortical/subcortical edema or infarct, venous congestion and collateral circulation, meningeal enhancement and thalamic and basal ganglia edema or infarct. Occlusion occurred mainly in superior sagittal, left transverse, left sigmoid and straight sinuses. Cavernous sinus and cortical veins thrombosis are uncommon events. Conclusion: cerebral venous thrombosis is an uncommon cause of stroke, with favorable prognosis because of its reversibility. Diagnosis is highly dependent on the radiologist capacity to recognize the presentations of this disease, principally in cases where the diagnosis is suggested by parenchymal abnormalities rather than necessarily by visualization of the thrombus itself. An accurate and rapid diagnosis allows an immediate treatment, reducing the morbidity and mortality rates. (author)

  2. Avaliação bioquímica dos efeitos do pré-condicionamento isquêmico após isquemia e reperfusão hepática em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Neves da Silva

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a lesão hepatocelular ocasionada pelo emprego do pré-condicionamento isquêmico e de duas outras modalidades de clampeamento tríade portal: clampeamento contínuo e intermitente. MÉTODO: Quarenta ratos Wistar foram divididos em quatro grupos de 10 animais cada. No Grupo Sham nenhuma espécie de clampeamento foi adotada. Nos outros três, provocamos isquemia de quarenta minutos por meio do clampeamento do pedículo hepático. No Grupo I esta isquemia foi contínua. No Grupo II, também contínua, mas precedida de cinco minutos de isquemia e 10 minutos de reperfusão (précondicionamento isquêmico. No Grupo III foi realizada isquemia intermitente em ciclos de 10 min de isquemia e cinco minutos de reperfusão. Para avaliar a lesão hepatocelular foi adotada a dosagem de transaminase glutâmico oxalacética (TGO, glutâmico pirúvica (TGP e lactato desidrogenase (LDH, aferidas no início e no final dos procedimentos. RESULTADOS: Não houve diferença estatística nos valores basais das enzimas estudadas, demonstrando uniformidade nos grupos. Os quatro grupos apresentaram variação significativa de todas as enzimas entre os dois momentos de coleta, porém de forma diferenciada. A variação no Grupo Sham foi menor que a do grupo II. Este foi semelhante ao grupo III e em todos a elevação foi significativamente menor que no grupo I (D do Sham CONCLUSÕES: Em ratos Wistar o clampeamento contínuo do pedículo hepático, precedido de um ciclo de cinco minutos de isquemia e 10 minutos de reperfusão (pré-condicionamento isquêmico provoca menor lesão hepática do que o clampeamento contínuo e apresenta resultados comparáveis aos obtidos através da utilização do clampeamento intermitente, em fígados normais submetidos a um período de isquemia hepática de 40 minutos e um tempo total de cirurgia de 60 minutos.

  3. Experimental Model of Cerebral Hypoperfusion Produced Memory-learning Deficits, and Modifications in Gene Expression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rilda LEÓN

    2015-01-01

    Full Text Available Cerebral ischemia is a major cause of death, for this reason animal models of cerebral ischemia are widely used to study both the pathophysiology of ischemic phenomenon and the evaluation of possible therapeutic agents with protective or regenerative properties. The objectives of this study were to examine the presence of neuronal damage in different brain areas following the ischemic event, and assess consequences of such activities on the processes of memory and learning. The study group included an experimental group ischemic animals (30 rats with permanent bilateral occlusion of the carotids, and a control group. Was evaluated gene expression and inflammatory ischemic by qPCR techniques 24h post injury, brain tissue morphology in areas of cortex, striatum and hippocampus seven days post injury and processes of memory and learning, 12 days post injury. The morphological studies showed that the procedure induces death of cell populations in cortex, striatum and hippocampus, ischemia modified gfap gene expression and ho, il-6, il-17 and ifn-γ, which can be used as a marker of early ischemic process. Additionally, the ischemic injury caused spatial memory decline. This characterization gives us an experimental model to develop future studies on the pathophysiology of ischemic events and assessing therapeutic strategies. MODELO EXPERIMENTAL DE HIPOPERFUSIÓN CEREBRAL PRODUCE DÉFICIT DE LA MEMORIA Y APRENDIZAJE Y MODIFICACIONES EN LA EXPRESIÓN DE GENES. A escala mundial, la isquemia cerebral constituye una de las principales causas de muerte, por lo que los modelos animales de isquemia cerebral son extensamente usados tanto en el estudio de la pato-fisiología del fenómeno isquémico; como en la evaluación de agentes terapéuticos con posible efecto protector o regenerador.  Los objetivos de este estudio fueron examinar la presencia de daño neuronal en diferentes áreas cerebrales como consecuencia del evento isquémico; así como evaluar

  4. Isquemia aguda de miembros inferiores secundaria a ergortismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco J. Vallejo, MD

    2011-11-01

    Full Text Available Paciente de género femenino, de 21 años de edad, quien ingresó por dolor progresivo e intenso en miembros inferiores, y refirió antecedente reciente de ingestión de derivados del ergot. Al examen físico se observó ausencia de pulsos en ambos miembros inferiores. Por angiotomografia se documentó disminución severa, generalizada y bilateral, del calibre de los vasos arteriales de miembros inferiores. Se diagnosticó isquemia arterial aguda secundaria a ergotismo y se inició tratamiento con vasodilatadores y calcio-antagonistas, que resolvió los síntomas en su totalidad.

  5. Protective effects of ascorbic acid pretreatment in a rat model of intestinal ischemia-reperfusion injury: a histomorphometric study Efeito protetor do pré-tratamento com ácido ascóbico em modelo experimental de isquemia-reperfusão intestinal: um estudo histomorfométrico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Haruo Higa

    2007-01-01

    Full Text Available BACKGROUND: Ascorbic acid has shown promise in attenuation of intestinal ischemia-reperfusion (I/R injury. The aim of this study was to determine the protective effects of ascorbic acid on intestinal morphology during IR injury in rats. MATERIALS AND METHODS: We examined morphological changes in the small intestine of Wistar rats after (i 40 minutes of ischemia (I, (ii ischemia followed by 30 min of reperfusion (IR, (iii ischemia with ascorbic acid (IA, (iv ischemia followed by reperfusion and ascorbic acid (IRA and (v in a sham group (S. We used morphometry to evaluate the amount of villous architecture, crypts, necrosis, hemorrhagic infarcts and inflammatory cells at the mesenteric and antimesenteric borders of the small intestine. RESULTS: Ascorbic acid caused a significant reduction of antimesenteric villous hemorrhagic infarction (pINTRODUÇÃO: O ácido ascórbico tem se mostrado como um agente promissor na atenuação da lesão causada pela isquemia/reperfusão (IR. O objetivo deste estudo foi determinar os efeitos protetores do ácido ascórbico na morfologia intestinal durante a IR em ratos. MATERIAL E MÉTODOS: Examinamos alterações morfológicas no intestino delgado de ratos do tipo Wistar. Após 40 minutos de isquemia (I, isquemia seguida de reperfusão (IR, isquemia com tratamento com ácido ascórbico (IA, isquemia seguida por 30 minutos de reperfusão e tratamento com ácido ascórbico (IRA e do grupo sham (S. Utilizamos a morfometria para avaliar quantitativamente a arquitetura dos vilos da mucosa intestinal, criptas intestinais, necrose, hemorragia, células inflamatórias nas bordas mesentéricas e antimesentéricas do intestino delgado. RESULTADOS: O ácido ascórbico causou uma redução significativa (p<0,05 no infarto hemorrágico dos vilos intestinais da borda antimesentérica do intestino delgado após isquemia seguida por reperfusão, bem como redução da necrose dos vilos em ambas as bordas após a isquemia (p<0

  6. A acetamida de pirrolidona como medicação auxiliar no tratamento da paralisia cerebral Pyrrolidone acetamide as an auxiliary drug in the treatment of cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Salete Pinheiro Chagas Ribeiro

    1976-06-01

    Full Text Available Vinte crianças, com diagnóstico de paralisia cerebral (PC e sob tratamento clássico, fisioterápico e pedagógico, receberam piracetam (acetamida de pirrolidona como medicação auxiliar. O objetivo foi melhorar os problemas de espasticidade, apredizagem, neurolabilidade, visando a um rendimento melhor do tratamento global da PC. O grupo medicado foi comparado com um grupo controle de 20 crianças que só eram objeto do tratamento habitual. A comparação mostrou resultados favoráveis no grupo medicado. A droga foi administrada na dose de 80 mg/kg/dia durante 10 semanas. Os critérios de avaliação dos resultados foram psicológicos, clínico, fisioterápico e pedagógico. A droga foi administrada em nova forma de apresentação: solução, para uso oral, a 6%.Twenty children, with the diagnosis of cerebral palsy (CP and under classical, physiotherapeutical and pedagogical, treatment, received piracetam (pyrrolidine acetamide as an auxiliary drug. The goal was to better spasticity, learning and nervous instability problems aiming at better results of over-all treatment of CP. The group that received the drug has been compared to a control group of 20 children treated by the customary treatment only. The comparison showed favourable results for the medicated group. The drug was administered in the dose of 80 mg/kg/day during 10 weeks. The criteria for evaluation have been psychological, clinical, physiotherapeutical and pedagogical. The drug has been given in a new form of presentation: 6% solution for oral use.

  7. Avaliação metabólica das lesões de isquemia e reperfusão cerebrais após oclusão bilateral das artérias carótidas comuns: estudo experimental em ratos Metabolic evaluation of ischemic and reperfusion brain injury following bilateral occlusion of common carotid arteries: an experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Roberto Franklin Muniz

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar as alterações no metabolismo energético após isquemia/reperfusão cerebral através de um modelo experimental de isquemia global reversível por simples oclusão das artérias carótidas comuns (ACCs em ratos da linhagem Wistar. MÉTODOS: Quarenta e oito ratos Wistar machos foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos (C - Controle; T - Teste e cada um deles redistribuídos em quatro tempos de estudos. Após oclusão bilateral das ACCs por 30min, permitiu-se reperfusão aos animais do grupo T nos tempos 0, 5, 10 e 15min. Foram coletadas amostras de tecido cerebral e sangue arterial sistêmico e quantificados os metabólitos D-glicose (GLI, piruvato (PRV, lactato (LCT e adenosina trifosfato (ATP. RESULTADOS: Observou-se aumento nos níveis sangüíneos de GLI e PRV de, respectivamente, 85,00% (pPURPOSE: To describe alterations on the energy metabolism after cerebral ischemia/reperfusion, through an experimental model of reversible global ischemia, by simple occlusion of common carotid arteries (CCAs in rats of Wistar lineage. METHODS: Forty-eight male Wistar rats were randomly distributed on two groups (C - Control; T - Test and further redistributed into four times sets of study. After bilateral occlusion of CCAs for 30min, the animals of group T were allowed reperfusion for 0, 5, 10 and 15min. Samples of cerebral tissue and systemic arterial blood were collected and the metabolites D-glucose (GLI, pyruvate (PRV, lactate (LCT and adenosine triphosphate (ATP quantified. RESULTS: Increases of GLI and PRV blood values of, respectively, 85,00% (p<0,05 and 51,72% (p<0,01 were observed at 5min of reperfusion, which reflect a systemic response to the cerebral ischemia. The brain's LCT remained stable despite a reduction of 52,66% (p<0,05 in its blood concentration at 15min of reperfusion. The cerebral concentrations of ATP decreased 85,40% (p<0,05 after ischemia, followed by an augmentation of 3.033,40% (p<0,05 at 5min

  8. Persistência da artéria trigeminal primitiva associada com aneurisma da artéria cerebral média: relato de caso e revisão da literatura Persistent trigeminal artery associated with aneurysm of the middle cerebral artery: case report and literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauro Augusto de Oliveira

    1997-01-01

    Full Text Available Os autores apresentam um caso, demonstrado angiograficamente, de achado incidental de artéria trigeminal primitiva persistente associada com aneurisma do polígono de Willis no território da artéria cerebral média. A propósito, a literatura é revisada e a embriologia envolvida relatada.The authors report a case of persistent primitive trigeminal artery angiographically demonstrated as an incidental finding. The persistent primitive trigeminal artery was associated with an aneurysm arising from the circle of Willis in the middle cerebral artery territory. The literature is reviewed and the embryology involved is related.

  9. Trimetazidina na injúria de isquemia e reperfusão em cirurgia de revascularização do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerez Fernandes Martins

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A injúria de isquemia e reperfusão constitui um mecanismo fisiopatológico frequente e de difícil controle durante a Cirurgia de Revascularização do Miocárdio (CRVM com circulação extracorpórea, sendo o momento crítico o término da cirurgia, quando ocorre o desclampeamento da aorta e a liberação dos radicais hiperóxidos causadores da injúria. OBJETIVO: Avaliar, em estudo prospectivo, duplo-cego randomizado, controlado com placebo, os efeitos da Trimetazidina (Tmz sobre a injúria de isquemia e reperfusão miocárdica, identificando a variação dos marcadores plasmáticos de agressão miocárdica (troponina T e Cpk-Mb, e as alterações ecocardiográficas da função ventricular. MÉTODOS: Foram estudados 60 pacientes, divididos em dois grupos (Placebo e Tmz com, no máximo, disfunção ventricular leve, estratificados por ecocardiografia e recebendo medicação/placebo na dose - no pré-operatório sem medicação, 12 a 15 dias de medicação/placebo colhida cinco minutos após o desclampeamento aórtico, e nas 12, 24 e 48 horas seguintes. RESULTADOS: Tanto a troponina T como a CpK-Mb atingiram valores altamente significativos (p = 0,0001 no grupo tratado em relação ao grupo controle nos quatro momentos analisados − 5 min, 12 h, 24 h e 48 h. As variáveis ecocardiográficas não evidenciaram mudanças evolutivas em cada grupo isoladamente e quando comparados em conjunto. CONCLUSÃO: A trimetazidina mostrou-se eficaz na redução da injúria de isquemia e reperfusão, não interferiu na função ventricular esquerda, e não foram observados efeitos colaterais.

  10. Diagnóstico clínico diferencial entre oclusão da artéria carótida interna e da artéria cerebral média A comparative symptomatological study of internal carotid artery occlusion and middle cerebral artery occlusion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Melaragno

    1971-03-01

    Full Text Available Foi feito um estudo comparativo entre o quadro clínico inicial de 61 casos de oclusão da artéria carótida interna e o de 23 casos de oclusão da artéria cerebral média, diagnosticados pela angiografia cerebral e/ou pela necropsia em pacientes submetidos ou não à cirurgia vascular. Os autores comparam a idade dos pacientes, o sexo, o modo de início da afecção, a existência ou não de convulsões e/ou cefaléias, a ocorrência do acidente cerebral durante o sono ou em vigília, a existência de ictos prévios, os níveis de pressão arterial, o grau de consciência, a força muscular, os achados eletrencefalográficos, a palpação e ausculta das carótidas em nível cervical. Os resultados são demonstrados em índices percentuais, pelos quais os autores inferem que não há significância estatística nesses elementos com três exceções: a maior ocorrência de convulsões nas oclusões da artéria cerebral média em relação às da carótida, a oftalmodinamometria e a sintomatologia carotídea cervical. A oftalmodinamometria revela valores significantemente menores nas pressões da artéria central da retina, no mesmo lado da trombose da carótida em 70,0% dos casos, enquanto que medidas normais e simétricas verificaram-se em todos os casos de oclusão da artéria cerebral média em que o exame foi realizado. No que concerne a sinais arteriais no pescoço, havia anormalidades palpatórias e auscultatórias em 52,4% dos pacientes com trombose da carótida e em 8,6% dos casos com oclusão da cerebral média. Concluem os autores, portanto, que apenas a angiografia cerebral permite um diagnóstico seguro entre ambas as sedes da oclusão.A comparative study of the early clinical picture in 61 cases of internal carotid artery occlusion and 23 cases of middle cerebral artery occlusion, diagnosed by cerebral angiography and/or necropsy in patients who were either submitted to surgery or not operated upon is reported. The authors had

  11. Emprego da nimodipina (oxigen como protetor cerebral na cirurgia de revascularização do miocárdio com circulação extracorpórea em pacientes idosos Use of nimodipine for cerebral injury prophylaxis in surgical myocardial revascularization with extracorporeal circulation in elderly patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Manrique

    1996-12-01

    Full Text Available Aproximadamente 5% dos pacientes submetidos a cirurgia cardíaca com auxílio da circulação extracorpórea apresentaram problemas neurológicos. Avaliando funções neuropsíquicas, as alterações atingem de 50% a 70% dos casos. Os idosos são mais vulneráveis; nestes, a freqüência de acidente vascular cerebral (AVC aproxima-se dos 9%. Considerando que a população envelhece a um ritmo acelerado e que 0 coronariopata freqüentemente passa dos 65 anos de idade, é fundamental pesquisar meios profiláticos para diminuir esta incidência. Este é um estudo piloto, duplo cego, randomizado e controlado com 64 pacientes, 30 no Grupo nimodipina e 34 no Grupo placebo. As variáveis demográficas e diagnosticas pré-operatórias foram homogêneas, com exceção da incidência de isquemia cerebral transitória. O Grupo nimodipina, mesmo com programação cirúrgica e evolução intra e pós-operatória mais complicadas, apresentou menor número de casos neurológicos. No Grupo nimodipina foram constatados 3 casos de confusão mental e, no Grupo placebo, além de 3 casos de confusão mental, foram diagnosticados mais 2 casos de sonolência e 1 AVC isquêmico com seqüela. No total, foram 3 (10% casos em 30 pacientes no Grupo nimodipina, e 6 (17,64% em 34 pacientes no Grupo placebo, caracterizando uma redução de 76,4%. LEGAULT et al. (15 relatam uma elevada mortalidade de pacientes em uso de nimodipina, quando operados para troca valvar, causada, principalmente, por hemorragia. Nós não encontramos esta correlação. A mortalidade hospitalar é similar em ambos os grupos (1 paciente em cada e o sangramento não é estatisticamente diferente (1 caso de hemorragia importante no Grupo nimodipina. No seguimento até 41 meses, a mortalidade no Grupo placebo foi maior (4 pacientes que no Grupo nimodipina (1 paciente.Around 5 percent of the patients submitted to heart surgery with extracorporeal circulation present neurological problems. In relation to

  12. Isquemia Mesentérica Crónica – Um desafio diagnóstico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rute M. Ferreira

    2013-12-01

    O objectivo terapêutico principal é a revascularização da(s artéria(s, o que pode ser conseguido por cirurgia de revascularização ou por angioplastia endovascular percutânea, com ou sem implantação de stent. Há quem defenda o tratamento cirúrgico como primeira linha para pacientes jovens e sem comorbilidades significativas, dado o maior risco de recorrência de sintomas no tratamento endovascular por re-estenose (28% vs 7-14%. A verdade é que a taxa de sucesso a longo prazo e as complicações são semelhantes e a opção terapêutica deve ser discutida caso a caso mediante o perfil clínico do doente em causa1. No caso do nosso doente, atendendo ao seu perfil de risco cardiovascular e à história clínica detalhada, levantou-se a suspeita clínica que foi confirmada com os exames complementares adequados. Na ausência de comorbilidades significativas e dado a extensão das lesões optou-se por um tratamento cirúrgico, com realização de bypass aorto-mesentérico com colocação de prótese (Figura 3, que decorreu sem complicações, com alívio sintomático total e sem recorrência após um ano de follow-up. Diagnóstico Final: Isquemia Mesentérica Crónica 1.\tMensink PBF, Moons LMG, Kuipers EJ. Chronic gastrointestinal ischaemia: shifting paradigms. Gut 2011; 60:722-37. 2.\tShih MC, Hagspiel KD. CTA and MRA in mesenteric ischaemia:part1, Role in diagnosis and differential diagnosis. AJR Am J Roentgenol 2007; 188:452-61.

  13. Isquemia miocárdica silenciosa em pacientes submetidos à prostatectomia transuretral: comparação entre anestesia subaracnóidea e peridural Isquemia miocárdica silenciosa en pacientes sometidos a prostatectomia transuretral: comparación entre anestesia subaracnóidea y peridural Silent myocardial ischaemia in patients undergoing transurethral resection of prostate: comparison of spinal versus epidural anaesthesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Parshotam Lal Gautam

    2004-08-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A isquemia miocárdica silenciosa foi recentemente relacionada ao aumento de morbimortalidade cardíaca peri-operatória. Até 41% dos pacientes com doença coronariana conhecida ou fatores de risco cardíaco, submetidos à cirurgias não cardíacas, apresentaram isquemia peri-operatória. Vários autores compararam técnicas de anestesia regional e geral mas nenhum comparou o impacto de diferentes técnicas de anestesia no neuro-eixo na incidência e duração da isquemia miocárdica silenciosa. O objetivo deste estudo foi comparar duas técnicas diferentes de anestesia no neuro-eixo (subaracnóidea versus peridural em pacientes idosos aleatoriamente selecionados e submetidos à prostatectomia transuretral. Optou-se por este grupo de pacientes idosos porque freqüentemente, apresentam doença coronariana silenciosa ou clinicamente aparente. Um outro fator importante que influenciou a escolha, foi a sobrecarga de volume e tremores causados pela prostatectomia transuretral nesses pacientes promovendo desequilíbrio entre consumo e oferta de oxigênio. MÉTODO: Participaram deste estudo 40 pacientes submetidos a prostatectomia transuretral, que foram estudados em relação à isquemia miocárdica silenciosa com a ajuda de um equipamento Holter. A monitorização iniciou-se 1 hora antes da cirurgia, prosseguiu durante a cirurgia e após pelas próximas 24 horas. Os dados do Holter foram analisados por um DSM modelo 300. RESULTADOS: A incidência geral de isquemia miocárdica silenciosa neste estudo foi de 30%. Não foi estabelecida nenhuma relação entre isquemia miocárdica silenciosa e o tipo de anestesia. A maior parte dos episódios de isquemia miocárdica ocorreu no período pré-operatório e não tiveram relação com alterações hemodinâmicas. No entanto, a incidência e a gravidade de isquemia miocárdica silenciosa foi mais alta em pacientes com altos escores de Detsky, hipertensão arterial e anemia. Nenhum

  14. INFLUÊNCIA DA EQUOTERAPIA NO CONTROLE CERVICAL E DE TRONCO EM UMA CRIANÇA COM PARALISIA CEREBRAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessanda Gregório

    2013-01-01

    Full Text Available A equoterapia é um método fisioterápico que se baseia na utilização do trote do cavalo como meio de tratamento em pacientes com sequelas sensoriais e motoras decorrentes de distúrbios neurológicos. Por tratar-se de um estudo de caso, o objetivo deste trabalho é avaliar a influência da equoterapia no controle cervical e de tronco em uma criança com paralisia cerebral (PC. A criança participante possui dois anos de idade e diagnóstico médico de tetraparesia espastica. Foram realizadas duas avaliações utilizando a escala de Gross Motor Function Measure (GMFM antes e após todo o período das sessões de equoterapia. Esse método de avaliação consiste em 88 itens divididos em cinco dimensões: A, deitar e rolar; B, sentar; C, engatinhar e ajoelhar; D, em pé; e E, correndo e pulando. Utilizaram-se as dimensões A e B da escala GMFM no presente estudo. A equoterapia foi desenvolvida durante dez sessões de trinta minutos, utilizando montarias distintas. Observou-se que o controle cervical e o controle de tronco estavam presentes ao término do tratamento, que é comprovado com o aumento de 19,5% e 7,7% para as dimensões A e B da escala GMFM, respectivamente. A equoterapia apresentou grande eficiência no ganho do controle cervical e de tronco da criança com PC.

  15. Análise eletromiográfica e força do grupo muscular extensor do punho durante isquemia induzida Electromyographic analysis and strength of the wrist extensor muscle group during induced ischemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CCA Bandeira

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da isquemia induzida sobre os parâmetros do sinal eletromiográfico e a força do grupo muscular extensor do punho (GMEP em mulheres saudáveis. MÉTODOS: Participaram 13 voluntárias, destras, sedentárias, com idade de 23,38±2,32 anos e índice de massa corporal (IMC de 20,68±1,87kg/m². Para determinar a força do GMEP, foram realizadas 3 contrações isométricas voluntárias máximas (CIVM, utilizando-se uma célula de carga por 15 segundos, com intervalos de 2 minutos entre cada contração, sendo todo procedimento repetido por 3 dias não consecutivos. A isquemia foi realizada por 5 minutos, utilizando um esfigmomanômetro posicionado no braço dominante e inflado até a ausência do fluxo sanguíneo, confirmada pelo ultrassom Doppler. Para coleta do sinal eletromiográfico do GMEP, utilizou-se o equipamento EMG1000 (Lynx® com eletrodo de superfície diferencial (Lynx®. Foram coletadas 3 CIVM por 15 segundos, com intervalo de 30 segundos entre elas, nas situações de pré-isquemia; isquemia; pós-isquemia imediata (pós-1 e pós-isquemia tardia (pós-2 - após 10 minutos do início da isquemia. Para análise dos parâmetros do sinal eletromiográfico, root mean square (RMS, e frequência mediana do espectro de potência do sinal foi utilizado o software MATLAB 6.5.1. Para análise estatística, foram utilizados os testes de Friedman e ANOVA two-way. RESULTADOS: A isquemia promoveu redução significativa (pOBJECTIVE: To analyze the effect of induced ischemia on the parameters of electromyographic signals and the strength of the wrist extensor muscle group (WEMG in healthy women. METHODS: Thirteen right-handed sedentary subjects aged 23.38±2.32 years old, with body mass index (BMI of 20.68±1.87kg/m², took part. To determine WEMG strength, three maximal voluntary isometric contractions (MVIC were performed using a load cell for 15 seconds, with 2 minutes intervals between contractions. The entire

  16. PERFIL DA DISFAGIA APÓS UM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

    OpenAIRE

    CARINA TEIXEIRA PAIXÃO; LOLITA DOPICO DA SILVA; FLAVIA GIRON CAMERINI

    2010-01-01

    Este artículo trata de disfagia decurrente de una enfermedad vascular cerebral (EVC). El objetivo fue determinar el perfil de las publicaciones acerca de la disfagia en pacientes víctimas de EVC. Investigación de revisión integradora que usó los mismos descriptores en las bases Medline, Scielo e Lilacs, seleccionando 17 artículos entre 1998 a 2008. Los datos fueron analizados a partir de las categorías correspondientes a los enfoques de las publicaciones encontradas. Los resultados muestran d...

  17. O espessamento da íntima-média associa-se independentemente ao Acidente Vascular Cerebral Isquêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dário Freitas

    2012-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O Acidente Vascular Cerebral (AVC constitui uma das primeiras causas de morte a nível mundial. A importância do espessamento da íntima-média na estratificação de risco cardiovascular tem sido recorrentemente estudada; contudo, essa relação gera ainda alguma controvérsia. OBJETIVOS: Determinar se o espessamento da íntima-média na Artéria Carótida Comum (ACC pode ser utilizado como um marcador independente de alto risco para a ocorrência do AVC. MÉTODOS: A amostra compreende um grupo de 948 doentes consecutivamente estudados por Triplex Scan Cervical no período compreendido entre janeiro de 2004 e junho de 2009. Esses doentes foram agrupados em razão da presença ou ausência de AVC recente, do que resultou um grupo de doentes com AVC Isquémico (AVC I (n = 452, 48%, outro com AVC Hemorrágico (AVC H (n = 22, 2% e um grupo de doentes Sem Eventos (n = 474, 50%. RESULTADOS: Na análise de regressão logística ajustada para fatores de risco cardiovascular clássicos, o espessamento da íntima-média na ACC associou-se significativamente e de forma aproximadamente linear com o AVC I (Odds Ratio = 1.808, Intervalo de Confiança: 1.291-2.534, p = 0,01, mas não com o AVC H (p = ns. Uma interação significativa com a idade foi também encontrada, demonstrando-se uma capacidade discriminativa do risco de AVC I maior em indivíduos com idade inferior a 50 anos. CONCLUSÕES: O espessamento da íntima-média na ACC revelou-se um preditor de risco independente para o AVC I, mas não para AVC H reforçando assim a utilidade da sua avaliação na prática clínica. (Arq Bras Cardiol. 2012; [online].ahead print, PP.0-0

  18. Efeito do meloxicam sobre a lesão de isquemia e reperfusão em músculo esquelético de ratos Effect of meloxicam on ischemia-reperfusion injury in skeletal muscle of rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor A. Uhle

    2000-01-01

    Full Text Available Os antiinflamatórios não esteroidais, derivados do piroxicam, agem como varredores de radicais livres de oxigênio em experimentos in vitro. O objetivo deste trabalho foi analisar o efeito do meloxicam em músculos esqueléticos de ratos submetidos à isquemia e reperfusão com base na análise de liberação de malondialdeído da membrana celular ( indicador de peroxidação lipídica provocada pelos radicais livres. Dezoito ratos Wistar foram divididos em 2 grupos de 9. O grupo I (grupo sham foi tratado previamente com 3g/kg de peso de solução fisiológica e o grupo II com 3g/kg de peso de meloxicam por via peritoneal. Após 5 min os ratos foram submetidos a 3h de isquemia total ( torniquete e 45 min de reperfusão das patas posteriores esquerdas. Colheram-se biópsias dos músculos isquêmicos e reperfundidos e das patas controles (contralaterais para a dosagem de malondialdeído. A análise das diferenças de concentração do malondiadeído nas patas controles e reperfundidas no grupo I (43,7± 60,7; n=9 em relação ao grupo II (21,7± 49,5; n=9 não mostrou alteração significante (p=0,3. Os dados obtidos, neste trabalho, mostram que o meloxicam não protege a musculatura esquelética dos danos causados pela isquemia e reperfusão, com base na análise do malondialdeído tissular após 3h de isquemia e 45 min de reperfusão.

  19. Utilização de hidrocortisona em eqüinos submetidos a isquemia e reperfusão no jejuno e suas conseqüências sobre o cório laminar Hydrocortisone in horses submitted to jejunal isquemia and reperfusion and its effects in the laminar corium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.J.M. Rio Tinto

    2004-06-01

    Full Text Available Estudou-se o efeito da administração de succinato sódico de hidrocortisona (SSH no desenvolvimento de lesões no cório laminar de eqüinos. Doze animais foram submetidos à laparotomia sob anestesia geral e à isquemia total em dois segmentos do jejuno, enquanto três foram usados como controle. Após uma hora de isquemia, seis animais receberam 4,0mg/kg de SSH por via intravenosa (grupo T e seis receberam placebo (grupo NT. Após duas horas de isquemia foi restabelecido o fluxo de sangue local e, decorridas duas horas de reperfusão, foi realizada a laparorrafia e permitiu-se a recuperação anestésica. Após 12 horas do início da reperfusão, os animais foram sacrificados e deles colhidas amostras de tecido laminar para avaliação histomorfológica. As alterações avaliadas ao microscópio óptico foram quantificadas por escores que variaram de 0 a 3. Os escores para lesão no tecido laminar foram semelhantes nos animais dos grupos T (0,41 e NT (0,54, permitindo concluir que a hidrocortisona não acentuou as lesões produzidas no tecido laminar após a isquemia e reperfusão no jejuno.To evaluate whether hydrocortisone sodium succinate (HSS aggravates lesions in the laminar tissue secondary to intestinal ischemia and reperfusion (IR, two segments of the jejunum were isolated in 12 halothane-anesthetized horses, and total ischemia was induced on them. Three other horses were used as controls. One hour after the onset of the ischemia, HSS (4.0mg/kg was administered intravenously to six animals (T group and saline to the others (NT group. After two hours of ischemia and two hours of reperfusion the abdomen was closed and the horses were allowed to recover from anesthesia. After 12 hours of reperfusion the horses were euthanatized and biopsy specimens were taken from the laminar tissue and the lesions were evaluated and scored. No significant differences between T (0.41 and NT (0.54 groups for laminar lesion scores were observed. The

  20. Dilemas éticos da vida humana: a trajetória hospitalar de crianças portadoras de paralisia cerebral grave The ethical dilemmas of human life: the hospital history of children with serious cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Debora Diniz

    1996-09-01

    Full Text Available O artigo é um estudo antropológico que aborda os pressupostos éticos do tratamento médico ministrado em crianças portadoras de paralisia cerebral grave. A pesquisa foi realizada a partir de um trabalho etnográfico de oito meses, com pacientes em tratamento no Centro de Paralisia Cerebral do Hospital Sarah, Salvador. A observação da terapêutica ministrada a estas crianças, que apresentam pouquíssimas mudanças do quadro clínico, levou ao questionamento já bastante sugerido em discussões relativas à deontologia médica: Qual o objetivo do tratamento médico empregado nestas crianças? Na verdade, os resultados desta pesquisa indicaram a existência de explicações sócio-humanistas que estariam além da explicação médico-científica oficial, a qual resumiria a terapêutica a um fisicalismo corporal.This study deals with the ethical premises of medical treatment for children with serious cerebral palsy. Eight months of ethnographic research were carried out with patients at the Cerebral Palsy Center in the Sarah Hospital in Salvador, Bahia, Brazil. Observation of treatment for these children, who displayed limited clinical change, led to the following question, as suggested by discussions from medical deontology: What is the purpose of medical treatment for children with serious cerebral palsy? The results of our research point to social and humanist explanations going beyond the official medical scientific explanation, which limits treatment to corporal mechanicism.

  1. Terapias para la rehabilitación visual de pacientes con déficit visual campimétrico asociado a daño cerebral adquirido

    OpenAIRE

    Moreno Duel, Tania

    2016-01-01

    El presente trabajo ha sido desarrollado con el objeto de valorar las terapias de rehabilitación visual en pacientes con déficit visual asociado a daño cerebral adquirido. Para ello, se ha realizado una revisión bibliográfica mediante la cual se ha recopilado información tanto de artículos científicos como de libros de texto. El daño cerebral adquirido es el resultado de una lesión súbita en el cerebro que produce diversas secuelas de carácter físico, psíquico y sensorial provo...

  2. Análise isocinética da articulação do cotovelo em crianças com paralisia cerebral Isokinetic analysis of the elbow joint in children with cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Martins Franciulli

    2012-03-01

    Full Text Available A quantidade de torque aplicado na articulação é uma medida de aptidão física importante para crianças com paralisia cerebral. O presente estudo analisou parâmetros cinéticos na articulação do cotovelo em crianças saudáveis e com paralisia cerebral. Participaram 10 crianças com paralisia cerebral e 10 crianças sem comprometimento neurológico. Avaliou-se a média do pico de torque, média do ângulo do pico de torque, coeficiente de variação do torque e aceleração angular do movimento de flexo-extensão do cotovelo nas velocidades com um dinamômetro isocinético. A média de pico de torque (extensão, aceleração (flexão e coeficiente de variação (flexão e extensão são diferentes entre grupos. Conclui-se que o torque e aceleração sofreram interferências no movimento de flexo-extensão; as principais diferenças encontradas foram entre os extremos das velocidades; não houve diferenças no ângulo do pico de torque. A espasticidade não interferiu na força dos músculos agonistas do movimento de flexão da articulação do cotovelo.The joint torque is an important variable related to children with cerebral palsy. The present study analyzed kinetic parameters during elbow flexion and extension movements in healthy and cerebral palsy children. Ten healthy and 10 cerebral palsy children participated of the study. An isokinetic dynamometer was used to measure the elbow mean peak torque, mean angle peak torque, coefficient of variation and acceleration during flexion and extension movements at different angular speeds. The mean peak torque on extension movement in healthy children group was significant higher compared to the cerebral palsy group. The coefficient of variation on both flexion and extension movements was significantly higher in cerebral palsy group. However there were significantly difference on both groups compared the lowest and highest velocities. Although the results showed no difference in flexor peak

  3. Efeito do exercício na biomecânica da marcha em crianças e adolescentes com paralisia cerebral

    OpenAIRE

    Veiga, Jandir Vieira da

    2016-01-01

    Tipo de Estudo: Revisão. Temática: Efeito do exercício na biomecânica da locomoção de crianças e adolescentes com paralisia cerebral que apresentam marcha em agachamento (designada como “crouch gait”). Objetivos: 1) verificar e analisar as metodologias de programas de treino de força que, combinados ou não com outros programas de treino, exercícios ou intervenções, visam melhorar o padrão da marcha e a funcionalidade destes indivíduos; 2) tendo por base os resultados do primeiro objetiv...

  4. PERFIL DA DISFAGIA APÓS UM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARINA TEIXEIRA PAIXÃO

    2010-01-01

    Full Text Available Este artículo trata de disfagia decurrente de una enfermedad vascular cerebral (EVC. El objetivo fue determinar el perfil de las publicaciones acerca de la disfagia en pacientes víctimas de EVC. Investigación de revisión integradora que usó los mismos descriptores en las bases Medline, Scielo e Lilacs, seleccionando 17 artículos entre 1998 a 2008. Los datos fueron analizados a partir de las categorías correspondientes a los enfoques de las publicaciones encontradas. Los resultados muestran diecisiete artículos agrupados en dos categorías, la que trató de la incidencia y características de la disfagia (9 y la que discutió las complicaciones de la disfagia (8. Las publicaciones de la primera categoría muestran una incidencia de la disfagia entre 30% a 91% e indican que tamaño y localización de la lesión son determinantes en la gravedad de la disfagia. La segunda categoría presenta la pulmonía y desnutrición como consecuencias de la disfagia. Se concluye que el enfermero debe guiar los cuidados direccionados a limitar el efecto de la disfagia post EVC y sus complicaciones para el paciente.

  5. Análise dos efeitos da utilização da tala seriada em crianças portadoras de paralisia cerebral: uma revisão sistemática da literatura Analysis of the effects of the use of serial casting in children with cerebral palsy: a systematic review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Coutinho Calcagno

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: realizar uma revisão sistemática da literatura através da seleção e análise criteriosa de artigos científicos que investigaram os efeitos da tala seriada em crianças com diagnóstico clínico de paralisia cerebral espástica. MÉTODOS: busca sistemática na literatura foi realizada no período de março a agosto de 2004, nas bases de dados eletrônicas Medline, Lilacs e PEDro publicados nas línguas inglês e português, no período de 1980 a 2004. O nível de evidência dos artigos estudados foi qualificado utilizando-se a escala Magee. RESULTADOS: os quatro artigos incluídos nessa revisão preencheram todos os critérios de inclusão e foram classificados como fracos de acordo com a escala Magee (índice de concordância Kappa K=1,0 devido às limitações metodológicas apresentadas. CONCLUSÕES: as evidências utilizadas nessa revisão sistemática não apresentam nível que possa suportar a utilização clínica da tala seriada em crianças com paralisia cerebral. Futuras pesquisas devem ser realizadas em observância à necessidade de maior rigor metodológico dos estudos para a fundamentação da prática baseada em evidência.OBJECTIVES: to perform a systematic literature review through a careful survey of scientific articles investigating serial casting effects in children clinically diagnosed with spastic cerebral palsy. METHODS: systematic literature survey performed during the period of March to August 2004, in Medline, Lilacs and PEDro electronic databases published in English and Portuguese from 1980 to 2004. The evidence level of the articles studied was rated according to the Magee scale. RESULTS: the four articles included in this review met all the inclusion criteria and were rated poor according to the Magee scale (agreement index Kappa K = 1.0 due to the methodological limitations determined. CONCLUSIONS: the evidence used in this systematic review was insufficient to support the use of serial casting in

  6. Efeito do módulo de inativação leucocitária (LIM) na distribuição de 99mTc-granulócitos em porcos submetidos à circulação extracorpórea e à isquemia-reperfusão de coração e pulmões

    OpenAIRE

    Francischetti, Ieda [UNESP

    2010-01-01

    O uso da circulação extracorpórea desencadeia uma resposta inflamatória sistêmica, que somada às reações em cadeia relacionadas à isquemia-reperfusão de coração e pulmões pode levar a lesões celulares e até falência de órgãos no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Vários estudos foram feitos visando melhor entendimento desses processos inflamatórios associados à circulação extracorpórea. Assim, esta revisão abordará os mecanismos de isquemia-reperfusão cardiopulmonar a ativação da cascata in...

  7. Isquemia vertebrobasilar y síndrome de Locked-In

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Daza Barriga

    2004-01-01

    Full Text Available Los eventos vasculares cerebrales de la arteria vertebrobasilar no son tan frecuentes como los que ocurren en la circulación anterior; pero se presentan con igual vulnerabilidad a la ateromatosis, a los fenómenos trombóticos, a los eventos embólicos y a las alteraciones vasoespásticas. Clínicamente, se presentan síntomas y signos combinados o mixtos de ataxia ipsilateral, hemiplejia contralateral con pérdida de la sensibilidad, parálisis ipsilateral horizontal de la mirada, nistagmus, vértigos, náuseas y vómitos, disfagia, sordera, acúfenos, mioclonus palatino y oscilopsia. Cuando el compromiso vascular compromete a la propia arteria basilar, los signos clínicos son bilaterales, con cuadriplegía, parálisis bilaterales de la mirada conjugada horizontal, coma, o el síndrome de deferentización (“Locked In” ó cautiverio. Estos mismos signos pueden producirse por la alteración de las arterias vertebrales o por patología unilateral, cuando una de las arterias vertebrales es la fuente dominante del aporte sanguíneo. La realización de una buena historia clínica y un examen cuidadoso nos dan una impresión clínica precisa. La realización de exámenes complementarios, como las imágenes diagnósticas (Escanografía cerebral simple, resonancia magnética cerebral, angioresonancia, son útiles para diferenciar si el evento es isquémico o hemorrágico, establecer el área de la isquemia y para definir las pautas diagnósticas y terapéuticas que se deben seguir El síndrome “Locked In” es un proceso destructivo (normalmente, obstructivo de la arteria basilar con el consiguiente infarto de tronco que interrumpe los tractos descendentes corticobulbares y corticoespinales, quedando intactas sólo las fibras que controlan el parpadeo, los movimientos oculares verticales y a la sustancia reticular ascendente. El paciente sólo es capaz de comunicarse mediante parpadeos o movimientos oculares verticales, ya que todo lo demás est

  8. Proteção cerebral no tratamento cirúrgico dos aneurismas do arco aórtico: estudo experimental em cães Cerebral protection during surgical approach to the aortic arch aneurysms resection: experimental study in dogs

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gaudêncio Lopes Espinosa

    1994-12-01

    Full Text Available É realizado estudo experimental comparativo entre dois métodos de proteção cerebral na abordagem cirúrgica dos aneurismas do arco aórtico, avaliando a sua eficácia: hipotermia sistêmica profunda isolada (menor que 20ºC com pinçamento arterial braquiocefálico e hipotermia sistêmica profunda associada à perfusão carotídea seletiva. Dois grupos de 15 cães cada foram submetidos, respectivamente, à hipotermia sistêmica profunda com pinçamento arterial braquiocefálico (Grupo I e à hipotermia sistêmica profunda associada à perfusão seletiva da carótida direita (Grupo II. Foram analisadas amostras seriadas das alterações metabólicas de pH e PaCO2 que ocorreram no retorno venoso cerebral aferidas na veia julgular interna, bem como as alterações histopatológicas encontradas com 45 min., 90 min. e 135 min. de cada procedimento. Os resultados demonstram que, apesar de ambos os métodos de proteção cerebral serem eficazes por um período de 45 minutos, o método utilizado no Grupo II mostrou ser superior em períodos de até 90 minutos de isquemia cerebral. Em períodos de 135 minutos os métodos tiveram resultados semelhantes, não oferecendo proteção cerebral adequada.The authors proposition is to make an experimental study of two methods of cerebral protection to be used during aortic arch aneurysm resection. The methods to be evaluated were profound systemic hypothermia (under 20ºC whith great vessels occlusion and profound systemic hypothermia with selective right carotid artery perfusion. Two groups of 15 dogs each were submitted either to profound systemic hypothermia with great vessels occlusion (Group I, or to profound systemic hypothermia with selective right carotid artery perfusion (Group II. Serial jugular vein samples for pH and PaCO2 were analyzed to evaluate ischemic cerebral metabolic derangements. Hystopathological studies were also performed 45, 90 and 135 minutes, through animal sacrifice in each

  9. Actinomicose cerebral: observação anatomo-clinica e revisão da literatura brasileira Cerebral actinomycosis: case report and review of the Brazilian literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano de Souza Queiroz

    1975-12-01

    Full Text Available Os autores relatam a observação anátomo-clínica de um paciente de 33 anos, com síndrome de hipertensão intracraniana e hemiparesia à direita. O líquido cefalorraqueano revelava discreta hipercitose linfomonocitária. A autópsia mostrou três abscessos cerebrais, com edema difuso mais intenso no hemisfério cerebral esquerdo, sem leptomeningite purulenta. O exame histopatológico demonstrou grãos actinomicóticos nos abscessos cerebrais e pulmonares. A literatura brasileira sobre neuroactinomicose é analisada, com encontro de seis casos, publicados entre 1934 e 1946. São discutidos aspectos clínicos e anátomo-patológicos relevantes dos casos nacionais.A case of central nervous system actinomycosis is reported. A 33-year-old male complained of headache, vomiting and blurred vision lasting for eight days prior to admission. On examination, a right hemiparesis, as well an intracranial hypertension were detected. The cerebrospinal fluid showed mild lymphomononuclear hypercytosis. Necropsy disclosed three abscess in the cerebral hemispheres, in addition to moderate cerebral edema on the left side but without purulent leptomeningitis. Actinomyces filaments and granules were demonstrated in the cerebral and lung abscesses. The Brazilian literature on actinomycosis is reviewed and six published cases with nervous system involvement were found. Relevant clinical and anatomical aspects of the cases and of the present one are discussed.

  10. Guía de manejo cognitivo y conductual de personas con daño cerebral. Manual para profesionales que trabajan en la rehabilitación de personas con daño cerebral. Colección Manuales y Guías. Serie: Dependencia

    OpenAIRE

    Bilbao Bilbao, Álvaro; Díaz, José Luis

    2008-01-01

    Una lesión cerebral puede dar lugar a múltiples discapacidades, por lo que la rehabilitación correspondiente precisa una intervención multidisciplinar. Pero para que la rehabilitación sea exitosa, se requiere también un gran esfuerzo por parte del paciente. De esta convicción parten los autores de este documento, un manual de rehabilitación de personas con daño cerebral, dirigido a profesionales que quieran fomentar la participación del usuario en el trabajo rehabilitador. El manual ayuda a e...

  11. Acolhendo e atuando com alunos que apresentam paralisia cerebral na classe regular: a organização da escola Reveiving and working with pupils who present cerebral palsy in the regular classroom: school organization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ricardo Lins Vieira de Melo

    2007-04-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo situar aspectos relativos a uma análise empreendida em duas escolas regulares da cidade do Natal/RN, a respeito de como têm se organizado, do ponto de vista ambiental e pedagógico, para incluir o aluno com paralisia cerebral em seu contexto. Com base no objetivo proposto, foi realizado um estudo descritivo do tipo estudo de caso. A coleta de informações realizou-se através da observação e da entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados tomando por base cinco categorias: projeto políticopedagógico; programa de informação e sensibilização; apoio da direção escolar; recursos pedagógicos adaptados; adequação do ambiente físico. A partir dos resultados foi possível identificar, em relação à organização ambiental e pedagógica das escolas investigadas, que de uma maneira geral necessitam: priorizar a elaboração do projeto pedagógico, levando em consideração os princípios da educação inclusiva; investir na formação continuada e apoiar mais os professores em sua prática pedagógica; desenvolver programas de orientação à comunidade escolar com vistas a desmistificar preconceitos e informar sobre as potencialidades do aluno com paralisia cerebral; buscar parcerias junto a outros profissionais e convênios para aquisição de recursos pedagógicos e equipamentos específicos para favorecer o processo de ensino-aprendizagem desse alunado; adequar a estrutura física das escolas visando assegurar a acessibilidade e a autonomia do aluno com paralisia cerebral no ensino regular.This study aimed to point out aspects requiring analysis in two regular schools of the city of Natal/RN, as to organization requirements, from the point of view of context and pedagogy, so as to enable the inclusion of students with cerebral palsy. A descriptive study was carried out, using a case study format. Data was collected through observation and semi-structured interviews. The data was analyzed based

  12. L-arginine in the ischemic phase protects against liver ischemia-reperfusion injury A L-arginina durante a fase isquêmica protege o fígado das lesões de isquemia e reperfusão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murched Omar Taha

    2012-09-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate the effects of intravenous L-arginine (LG infusion on liver morphology, function and proinflammatory response of cytokines during the early phase of ischemia-reperfusion injury (IRI. METHODS: Thirty rabbits were subjected to 60 minutes of hepatic ischemia and 120 minutes of reperfusion. An intravenous injection of saline or L-arginine was administered five minutes before the ischemia and five minutes before initiating the reperfusion and at the 55th and 115th minutes after the ischemia. Samples were collected for histological analysis of the liver and measurements of the serum AST, ALT and LDH and the cytokines IL-6 and TNF-alpha. RESULTS: It was observed a significant reduction of sinusoidal congestion, cytoplasmic vacuolization, infiltration of polymorphonuclear leukocyte, nuclear pyknosis, necrosis and steatosis in liver tissue, as well as AST, ALT and LDH after injection of LG in the ischemia (p OBJETIVO: Investigar os efeitos da infusão endovenosa da L-arginina (LG na morfologia, função e resposta de citocinas pró-inflamatórias do fígado durante a fase precoce da lesão de isquemia e reperfusão (IRI. MÉTODOS: Trinta coelhos foram submetidos a 60 minutos de isquemia hepática e 120 minutos de reperfusão. Foi administrada injecção intravenosa de solução salina ou L-arginina aos cinco minutos antes de iniciar a isquemia e cinco minutos antes de iniciar a reperfusão e aos 55 e 115 minutos após o início da isquemia. Realizou-se análise histológica do fígado e dosagens séricas de AST, ALT, LDH, citocinas IL-6 e TNF-alfa. RESULTADOS: Ocorreu redução significante da congestão sinusoidal, vacuolização citoplasmática, infiltração de leucócitos polimorfonucleares, picnose nuclear, necrose e esteatose no tecido hepático, assim como nos níveis de AST, ALT e LDH após a injeção da LG na isquemia (p<0,001. Níveis mais baixos de IL-6 e TNF-alfa foram associados com a infusão LG durante a isquemia

  13. Forma granulomatosa da criptococose cerebral: relato de caso Cryptococcal granuloma of the brain: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Luc Fobe

    1995-12-01

    Full Text Available A criptococose do sistema nervoso central na sua forma granulomatosa ou criptococoma é rara, sendo mais freqüente a forma meningítica ou meningoencefalítica. Apresentamos o case de um paciente de 56 anos, não portador da síndrome de imunodeficiência adquirida, com manifestação clínica inicial de síndrome de hipertensão intracraniana em decorrência de criptococoma occípito-parietal que foi removido cirurgicamente, seguido do tratamento medicamentoso com anfotericina-B e 5-fIuorocitosina. A fisiopatologia, o diagnóstico por imagem e o tratamento são revistos.Cryptococcal granuloma or toruloma of the central nervous system is very rare, meningoencefalitis or meningitis being most common. The authors present the case of an immunocompetent male patient of 56 years old with initial clinical symptoms of intracranial hypertension due to an occípito-parietal crytococcal granuloma that was removed surgically. The patients was treated post operatively with anphotericin-B and 5-fluorcytosine. Pathophysiology, neuroimaging, diagnosis and treatment of this rare entity are discussed.

  14. Déficit de antitrombina III como causa de isquemia mesentérica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego-Fernando Moreno-Sanchez

    2016-06-01

    Full Text Available La isquemia mesentérica es una patología poco frecuente, considerada una urgencia vascularcon una mortalidad elevada que requiere un tratamiento oportuno. Tiene una presentaciónclínica inespecífica, haciendo que la sospecha diagnóstica sea difícil, pero ayudas de imágenescomo la angiografía por tomografía computarizada confirman el diagnostico anteuna sospecha clínica. La etiología va desde enfermedades autoinmunes, medicamentos,arritmias cardiacas hasta trombofilias. Presentamos el caso de un paciente con déficit deantitrombina III (AT III quien debuta con una isquemia mesentérica.

  15. Instrumentos de avaliação da intensidade do tónus muscular na pessoa após Acidente Vascular Cerebral

    OpenAIRE

    Teixeira, Pedro M. R; Henriques, Ana Filipa A.; Pereira, Ana Luísa G. R.; Teixeira, Carla Sofia R. V.; Margato, Dora Cristiana L.; Sousa, Luís M. M.

    2016-01-01

    Enquadramento: A espasticidade afeta cerca de dois terços das pessoas após acidente vascular cerebral, pelo que constitui uma importante área de atuação do enfermeiro de reabilitação. Objetivos: Identificar os instrumentos de avaliação da intensidade do tónus muscular na pessoa após AVC. Métodos: Realizou-se uma Revisão Sistemática da Literatura e partiu-se da questão: quais os instrumentos e testes que permitem avaliar a espasticidade na pessoa com AVC?, A pesquisa eletrónica foi efetuada...

  16. Análise da produção científica fonoaudiológica brasileira sobre paralisia cerebral Analysis of the Brazilian speech-language pathology scientific production regarding cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Cláudia Feital da Silva

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a produção científica fonoaudiológica brasileira sobre paralisia cerebral entre os anos de 2002 a 2009, publicados em periódicos em Fonoaudiologia e em periódicos de áreas afins. MÉTODOS: Estudo documental descritivo pautado na seleção e análise de artigos científicos sobre paralisia cerebral quanto: ao período da publicação; à distribuição de frequência por período; ao procedimento metodológico empregado; à vertente epistemológica adotada; à faixa etária dos sujeitos estudados; à área de atuação fonoaudiológica a que pertence o estudo. RESULTADOS: Foram encontrados 36 artigos: 28 em periódicos em Fonoaudiologia e oito em periódicos de áreas afins. O maior número de publicações concentrou-se entre 2002 e 2005. Quanto à área, a maioria envolve linguagem e motricidade orofacial. Quanto à vertente epistemológica, a maioria era positivista. Os procedimentos metodológicos mais encontrados foram o levantamento e o estudo de caso. A faixa etária mais estudada foi a da infância. CONCLUSÃO: O crescimento da produção científica fonoaudiológica brasileira sobre paralisia cerebral não acompanha a trajetória de crescimento em outras áreas da Fonoaudiologia; já a sua distribuição pelas vertentes epistemológicas, sim. Os dados mostraram estudos ligados à audição, à saúde coletiva e à voz, bem como estudos de natureza documental e estudos sobre adolescentes e adultos.PURPOSE: To analyze the Brazilian Speech-Language Pathology scientific production regarding cerebral palsy published between the years of 2002 and 2009 in Speech-Language Pathology journals and in journals from related areas. METHODS: Documental descriptive study guided by the selection and analysis of scientific papers about cerebral palsy, regarding: publication period; frequency distribution per period; methodological procedure used; epistemological filiations; age range of the studied subjects; Speech

  17. Effect of sildenafil in renal ischemia/reperfusion injury in rats Efeito do sildenafil na lesão renal por isquemia/reperfusão em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo José de Medeiros

    2010-12-01

    Full Text Available PURPOSE: To evaluate the effect of sildenafil, administered prior to renal ischemia/reperfusion (I/R, by scintigraphy and histopathological evaluation in rats. METHODS: Twenty-four rats were divided randomly into two groups. They received 0.1 ml of 99mTechnetium-etilenodicisteine intravenous, and a baseline (initial renal scintigraphy was performed. The rats underwent 60 minutes of ischemia by left renal artery clamping. The right kidney was not manipulated. The sildenafil group (n=12 received orally 1 mg/kg of sildenafil suspension 60 minutes before ischemia. Treatment with saline 0.9% in the control group (n=12. Half of the rats was assessed after 24 hours and half after seven days I/R, with new renal scintigraphy to study differential function. After euthanasia, kidneys were removed and subjected to histopathological examination. For statistical evaluation, Student t and Mann-Whitney tests were used. RESULTS: In the control group rats, the left kidneys had significant functional deficit, seven days after I/R, whose scintigraphic pattern was consistent with acute tubular necrosis, compared with the initial scintigraphy (pOBJETIVO: Estudar o efeito do sildenafil, administrado previamente à isquemia/reperfusão (I/R renal, em avaliações cintilográficas e histopatológicas em ratos. MÉTODOS: Vinte e quatro ratos Wistar foram aleatoriamente distribuídos em dois grupos. Os animais receberam 0,1 ml IV de 99mTecnécio-Etilenodicisteína, foram submetidos à cintilografia renal inicial e em seguida submetidos a isquemia no rim esquerdo, com oclusão da artéria renal, durante 60 minutos, com posterior reperfusão. O grupo sildenafil (n=12 recebeu previamente 1mg/kg de sildenafil em suspensão 60 minutos antes da isquemia. Solução salina 0,9% foi administrada no grupo controle (n=12. Metade dos animais de cada grupo foi avaliada após 24 horas e a outra metade após sete dias de reperfusão, com nova cintilografia renal. Após eutanásia, os

  18. Modelado y Evaluación de Entornos Virtuales Interactivos para Rehabilitación Cognitiva en Daño Cerebral

    OpenAIRE

    Martinez Moreno, José María

    2016-01-01

    El Daño Cerebral (DC) se refiere a cualquier lesión producida en el cerebro y que afecta a su funcionalidad. Se ha convertido en una de las principales causas de discapacidad neurológica de las sociedades desarrolladas. Hasta la más sencilla de las actividades y acciones que realizamos en nuestro día a día involucran a los procesos cognitivos. Por ello, la alteración de las funciones cognitivas como consecuencia del DC, limita no sólo la calidad de vida del paciente sino también la de las per...

  19. Diagnóstico não invasivo da anemia fetal pela medida do pico de velocidade sistólica na dopplervelocimetria da artéria cerebral média Noninvasive fetal anemia diagnosis by middle cerebral artery peak systolic velocity waveform measurement

    OpenAIRE

    Marcos Roberto Taveira; Antônio Carlos Vieira Cabral; Henrique Vítor Leite; Isabela Gomes de Melo; Ana Paula Brum de Miranda Lopes

    2004-01-01

    OBJETIVO: avaliar se existe associação entre a medida do pico de velocidade sistólica (PVS) na dopplervelocimetria da artéria cerebral média (ACM) e a concentração de hemoglobina fetal e determinar a sua capacidade diagnóstica. MÉTODOS: entre janeiro de 2000 e maio de 2003, 44 gestantes isoimunizadas foram submetidas a transfusão intra-uterina. Realizou-se estudo dopplervelocimétrico da ACM antes de cada transfusão fetal, sempre com intervalo inferior a 3 horas, antecedendo o procedimento. O ...

  20. Paralisia cerebral tetraplégica e constipação intestinal: avaliação da reeducação intestinal com uso de massagens e dieta laxante

    OpenAIRE

    Faleiros-Castro, Fabiana Santana; Paula, Elenice Dias Ribeiro de

    2013-01-01

    A constipação intestinal afeta 74% dos indivíduos com paralisia cerebral. O objetivo deste estudo foi avaliar resultados das intervenções de enfermagem no tratamento da constipação intestinal associada à paralisia cerebral. Trata-se de um estudo quantitativo, prospectivo e comparativo (antes-depois). A amostra foi composta por 50 pacientes com paralisia cerebral tetraplégica e constipação intestinal. As principais orientações conservadoras foram: consumo diário de alimentos laxantes e óleos v...

  1. Severe digital ischemia due to systemic sclerosis successfully treated with bosentan: case report Tratamento de isquemia digital severa em paciente com esclerose sistêmica utilizando bosentana: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cesar José Guimarães Soares

    2007-09-01

    Full Text Available Systemic sclerosis (SSc is an autoimmune connective tissue disease characterized by cutaneous and visceral fibrosis and widespread vascular pathology. Raynaud's phenomenon is one of the most common manifestations of SSc. It may lead to complications such as digital ulceration and infarction and its treatment remains elusive. We present the case of a female patient with severe digital ischemia secondary to SSc. Treatment using vasodilators and prostacyclin analogues was ineffective, but the patient experienced a remarkable response to bosentan, a dual endothelin receptor antagonist. This report suggests that endothelin antagonists may benefit patients with SSc and vasculopathy as a major feature of the disease, including limb ischemia.Esclerose sistêmica (SSc é uma doença auto-imune do tecido conjuntivo caracterizada por fibrose cutânea e visceral, além de vasculopatia difusa.Ofenômeno deRaynaud é uma das manifestações mais comuns da SSc, que pode levar a complicações como úlceras digitais e infarto. Seu tratamento ainda é indefinido. Apresentamos o caso de uma paciente com isquemia digital grave secundária a SSc. O tratamento incluindo vasodilatadores e análogos de prostaciclina foi ineficaz, mas a paciente apresentou excelente resposta ao bosentan, um antagonista de receptores de endotelina. Este relato sugere que antagonistas de endotelina podem beneficiar pacientes com SSc e vasculopatia como principal característica da doença, incluindo isquemia de extremidades.

  2. Germinomas cerebrais (teratomas atípicos da pineal Cerebral germinomas (atipical teratomas of the pineal region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Alencar

    1981-12-01

    Full Text Available São estudados três casos de germinomas cerebrais, sendo um tópico, da região pineal, e dois ectópicos, chamados germinomas supra-selares ou quiasmáticos. Estes últimos parecem ser mais agressivos que os seus congeneres tópicos, pois alem de se disseminarem pelas cisternas basais, costumam infiltrar as paredes do III ventrículo, fórnix, hipotálamo, nervos e quiasma ópticos. Caracteristicamente produzem um enorme aumento das proteínas liquóricas, desacompanhado de uma pleocitose proporcional. As proteínas liquóricas aumentadas sao globulinas cujas reações mostram-se fortemente positivas, possivelmente produzidas pelas celulas de aspecto linfocitario que constituem parte desta neoplasia. O aumento das proteinas liquoricas e tao acentuado que em presenca de uma crianca ou adolescente com sindrome de hipertensão intracraniana, hiperproteinoraquia sem pleocitose e sinais clínicos ou radiológicos sugestivos de localização na base do crânio a possibilidade de um germinoma quiasmático deve ser seriamente considerada, pois o quadro e muito sugestivo.Three cases of Cerebral Germinomas, one of them situated in the pineal region (topical and two ectopical of the so called suprasellar or chiasmal Germinomas are studied. These last ones may be more aggressive than the congeneral topical ones, since besides it's dissemination throughout the basal cisternas they usually infilstrate into de walls of the III Ventricle, Fornix, Hypothalamus, Chiasma and Optic nervs. A high level of proteins in the spinal fluid without proportional increase of the cells is characteristic. Globulins are the predominant fraction of the increased spinal fluid proteins, as indicated by the highly positive laboratory test. These globulins are possibly produced by the lymphocytes which are part of this neoplasm. The high level of protein in the spinal fluid without proportional increase of the cells, in the presence of intracranial syndrome in a child or

  3. A importância da dança, enquanto terapia, na inclusão de crianças com paralisia cerebral

    OpenAIRE

    Rebelo, Patrícia Carla Portugal dos Santos

    2014-01-01

    A Dança Terapia é um método terapêutico que utiliza a dança como principal instrumento para habilitação e reabilitação em saúde, utilizando técnicas diversas relacionadas com a prática da dança para a reeducação motora e mental. Oferece as suas contribuições na educação inclusiva e na capacidade de desenvolvimento físico e psicológico de crianças com Paralisia Cerebral. A prática da Dança individual ou coletivamente oferece aos seus praticantes a possibilidade de se sentirem mais integrados n...

  4. Behavior of cholinesterase and liver mitochondrial function in dogs submitted to normothermic ischemia and reperfusion Colinesterase e função mitocondrial hepática em cães submetidos a isquemia normotérmica e reperfusão do fígado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Pinto Fernandes

    2003-01-01

    Full Text Available PURPOSE: The plasmatic activity of the cholinesterase (CHE and the liver mitochondrial function, expressed by the ratio of respiratory control (RCR, were studied during normothermic ischemia. METHODS: Sixteen adult mongrels, eight females and eight males were submitted to ischemia by clamping of the hepatic artery, portal vein and infrahepatic inferior vena cava, infra-hepatic, for two h, follwed by reperfusion for 1 h. The CHE and the mitochondrial function were evaluated at 60 and 120 min. of ischemia and at 15 and 60 minutes of reperfusion. RESULTS: The CHE decreased, significantly, during ischemia and in reperfusion. The RCR was decreased at 120 min. of ischemia, returning to the initial values on reperfusion. CONCLUSION: In this study, the CHE was a sensitive indicator of ischemic injury , suggesting irreversibility of ischemia injury. The RCR, by other side, showed a greater sensibility than the CHE in detection sense, during the studied period, the reversibility of the hepatic ischemic injury.OBJETIVO: A atividade plasmática da colinesterase (CHE e a função mitocondrial do fígado expressa pela RCR- razão de controle respiratório mitocondrial foram estudadas durante a isquemia/reperfusão hepáticas. MÉTODOS: Dezesseis cães adultos sem raça definida (oito machos e oito fêmeas foram submetidos a isquemia normotérmica por pinçamento do pedículo hepático e da veia cava inferior infra-hepática por 2 horas, seguida de 15 e 60 minutos de reperfusão.A CHE e a RCR foram avaliadas após 60 e 120 minutos de isquemia e após 15 e 60 minutos de reperfusão. RESULTADOS: Os níveis de CHE diminuíram significativamente na isquemia e reperfusão.A RCR diminuiu após 120 minutos de isquemia retornando a níveis semelhantes ao controle após a reperfusão. CONCLUSÃO: A CHE foi sensível para indicar a lesão isquêmica, sugerindo irreversibilidade da lesão. Já a RCR foi mais sensível no sentido de detectar a reversibilidade da les

  5. Dilemas éticos da vida humana: a trajetória hospitalar de crianças portadoras de paralisia cerebral grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diniz Debora

    1996-01-01

    Full Text Available O artigo é um estudo antropológico que aborda os pressupostos éticos do tratamento médico ministrado em crianças portadoras de paralisia cerebral grave. A pesquisa foi realizada a partir de um trabalho etnográfico de oito meses, com pacientes em tratamento no Centro de Paralisia Cerebral do Hospital Sarah, Salvador. A observação da terapêutica ministrada a estas crianças, que apresentam pouquíssimas mudanças do quadro clínico, levou ao questionamento já bastante sugerido em discussões relativas à deontologia médica: Qual o objetivo do tratamento médico empregado nestas crianças? Na verdade, os resultados desta pesquisa indicaram a existência de explicações sócio-humanistas que estariam além da explicação médico-científica oficial, a qual resumiria a terapêutica a um fisicalismo corporal.

  6. Paralisia cerebral tetraplégica e constipação intestinal: avaliação da reeducação intestinal com uso de massagens e dieta laxante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Santana Faleiros-Castro

    2013-08-01

    Full Text Available A constipação intestinal afeta 74% dos indivíduos com paralisia cerebral. O objetivo deste estudo foi avaliar resultados das intervenções de enfermagem no tratamento da constipação intestinal associada à paralisia cerebral. Trata-se de um estudo quantitativo, prospectivo e comparativo (antes-depois. A amostra foi composta por 50 pacientes com paralisia cerebral tetraplégica e constipação intestinal. As principais orientações conservadoras foram: consumo diário de alimentos laxantes e óleos vegetais, aumento da ingestão hídrica e execução de manobras intestinais diárias. Houve alívio total ou parcial da constipação em 90% dos participantes, com melhora de aspectos da qualidade de vida, como sono, apetite e irritabilidade, além de diminuição significativa de sangramento retal, fissura anal, retenção voluntária de fezes, choro e dor ao evacuar. Apenas 10% necessitaram de medicações laxantes. Recomenda-se que medidas conservadoras sejam preferencialmente utilizadas para o tratamento da constipação intestinal associada à paralisia cerebral e que medicamentos sejam apenas adjuvantes, quando necessário.

  7. Aneurisma de artéria cerebral em criança com síndrome da imunodeficiência adquirida: relato de caso Cerebral arterial aneurysm in a child with acquired immunodeficiency syndrome: case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arnolfo de Carvalho Neto

    2001-06-01

    Full Text Available A dilatação aneurismática dos vasos do polígono de Willis é manifestação incomum da infecção pelo vírus da imunodeficiência adquirida (HIV, tendo sido relatados, até o momento, 15 casos na literatura. O presente estudo tem por objetivo relatar um novo caso dessa apresentação rara, além de revisar aspectos importantes relacionados à mesma. Um paciente, do sexo masculino, 6 anos de idade, com síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS de transmissão perinatal e tetraparesia, desenvolveu sintomas caracterizados por episódios de crises distônicas. A tomografia computadorizada de crânio, que inicialmente era normal, mostrou dilatação aneurismática dos vasos do polígono de Willis. A revisão de literatura demonstra que os principais achados patológicos em casos similares, são, principalmente, fibrose de camada média com destruição da lâmina interna e hiperplasia da íntima. A etiologia da vasculite não é conhecida, acreditando-se que o vírus da varicela-zoster e o próprio HIV possam estar relacionados à mesma. Conclui-se que, apesar de incomum, tal complicação apresenta grande importância pelo fato dos aneurismas colocarem esses pacientes em grupo de alto risco para acidentes vasculares. A sobrevida relatada na literatura é de menos de 6 meses após o diagnóstico da arteriopatia aneurismática cerebral.Cerebral aneurysmal arteriopathy of the circle of Willis is an uncommon manifestation of acquired human immunodeficiency virus (HIV infection and up to now only 15 cases have been published in the literature. For this reason we add our experience of this rare case, and review the most important aspects related to this entity. The patient is a 6 year old male with perinatal transmitted AIDS, tetraparethic, developed symptoms characterized by episodes of dystonic postures. The computed tomography of the brain showed aneurismal arteriopathy of the circle of Willis. He had a previous normal examination. The review

  8. N-acetilcisteína diminui a congestão hepática na lesão de isquemia e reperfusão: estudo experimental

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Chaise Didoné

    Full Text Available OBJETIVOS: A isquemia tem sido utilizada na cirurgia hepática desde o início do século. Embora possibilite a diminuição da perda sangüínea durante as ressecções e a manutenção do órgão à espera de um transplante, a ausência de perfusão traz como conseqüência um dano ao órgão, que se amplifica por ocasião da sua reoxigenação. A N-Acetilcisteína é uma droga capaz de repor os estoques celulares de glutationa, um antioxidante fundamental no controle das lesões resultantes do restabelecimento da perfusão sangüínea, esperando-se dessa forma que diminua a lesão acima descrita. Com o propósito de avaliar a capacidade da N-Acetilcisteína reduzir o dano hepático, utilizou-se um modelo murino de isquemia e reperfusão normotérmica. MÉTODO: Foram utilizados vinte ratos Wistar fêmeas, divididos em dois grupos. No grupo tratado, 400mg/kg de N-Acetilcisteína foram administrados pela via intravenosa, 15 minutos antes do clampeamento do pedículo do lobo esquerdo por 90 minutos. No grupo controle foi administrado o volume equivalente de solução fisiológica. Foi estabelecido um período de quatro horas de reperfusão, após o qual os animais foram sacrificados para a realização de análise histopatológica do lobo esquerdo com coloração de Hematoxilina-Eosina. A lesão tecidual foi quantificada quanto à presença de congestão, esteatose e necrose. RESULTADOS: O estudo evidenciou a capacidade de a N-Acetilcisteína diminuir significativamente a congestão. Não houve diferenças quanto à presença de esteatose e necrose. CONCLUSÃO: Os resultados obtidos permitem-nos concluir que o uso prévio da N-Acetilcisteína nos processos de isquemia e reperfusão, em normotermia, é capaz de diminuir a congestão hepática. A N-Acetilcisteína não diminui a presença de esteatose e necrose.

  9. Isquemia aguda de miembros inferiores secundaria a ergortismo Acute ischemia of lower limbs secondary to ergotism

    OpenAIRE

    Franco J Vallejo; Juan F Gómez; Natalia Tamayo

    2011-01-01

    Paciente de género femenino, de 21 años de edad, quien ingresó por dolor progresivo e intenso en miembros inferiores, y refirió antecedente reciente de ingestión de derivados del ergot. Al examen físico se observó ausencia de pulsos en ambos miembros inferiores. Por angiotomografia se documentó disminución severa, generalizada y bilateral, del calibre de los vasos arteriales de miembros inferiores. Se diagnosticó isquemia arterial aguda secundaria a ergotismo y se inició tratamiento con vasod...

  10. No es isquemia, es memoria eléctrica cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ismael Calero-Paniagua

    2017-09-01

    Full Text Available Presentamos el electrocardigrama de un varón de 83 años con antecedentes de cardiopatía isquémica y portador de marcapasos VVIR, consultó por dolor torácico de características mecánicas desencadenado por la tos. El ECG mostraba ondas T negativas compatibles con isquemia miocárdica, comparar con su ECG basal nos dio la clave del diagnóstico: memoria eléctrica.

  11. Os benefícios da hipoterapia nos ajustes posturais em crianças portadoras de paralisia cerebral

    OpenAIRE

    Daniela Carrogi Vianna; Maria Elisabete Salina Saldanha; Leide Masieiro Taques Moeckel Amaral

    2017-01-01

    Paralisia Cerebral é uma afecção encefálica que ocorre na fase maturacional, apresentando seqüelas variáveis, envolvendo desordens de postura e movimentos. Examinaram-se alterações posturais de pacientes portadores de Paralisia Cerebral durante e após a realização de Hipoterapia, observando ajustes posturais. Participaram oito crianças, entre 6 e 12 anos, com tetraparesia espástica, apresentando déficics das reações básicas de endireitamento, proteção e equilíbrio. Utilizou-se a Hipoterapia c...

  12. Trombose de seio venoso cerebral e trombose sistêmica associadas à mutação do gene 20210 da protrombina: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Milano Jerônimo Buzetti

    2003-01-01

    Full Text Available Trombose venosa cerebral é entidade de grande gravidade se não identificada e tratada precocemente. As etiologias são diversas e seu reconhecimento pode ditar o tratamento e o prognóstico dos pacientes. Mutações genéticas têm sido envolvidas, principalmente a mutação do gene 20210 da protrombina. Relatamos o caso de homem, 53 anos, admitido em estado de mal convulsivo. Não apresentava antecedentes mórbidos pessoais ou familiares. Negava vícios. Após controle das crises, apresentava papiledema bilateral, e exame neurológico normal. Tomografia computadorizada revelou transformação hemorrágica de área de infarto venoso parieto-temporal direita. Punção lombar com manometria de 500 mmH2O revelou exame de líquor normal. Angiografia por ressonância magnética demonstrou trombose de seio sagital superior, transverso e sigmóide à direita. Mesmo em vigência de anticoagulação, apresentou trombose venosa profunda de membro inferior direito dois meses após o primeiro evento. A investigação etiológica foi totalmente negativa, e teste genético revelou mutação do gene 20210 da protrombina. A anticoagulação foi ajustada para RNI de 3,5 às expensas de 25mg diários de warfarin. Exames de controle revelaram reperfusão da circulação venosa cerebral, e paciente encontra-se assintomático.

  13. Cerebral mass lesion due to cytomegalovirus in a patient with AIDS: case report and literature review Lesão expansiva cerebral devida a citomegalovírus: relato de caso e revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José E. Vidal

    2003-12-01

    Full Text Available Cytomegalovirus (CMV disease in acquired immunodeficiency syndrome (AIDS patients most commonly presents as chorioretinitis and gastro-intestinal infection. Neurological involvement due to CMV may cause several clinical presentations: polyradiculitis, myelitis, encephalitis, ventriculo-encephalitis, and mononeuritis multiplex. Rarely, cerebral mass lesion is described. We report a 39 year-old woman with AIDS and previous cerebral toxoplasmosis. She presented with fever, seizures, and vulval ulcers. Her chest X-ray showed multiple lung nodules, and a large frontal lobe lesion was seen in a brain computed tomography scan. She underwent a brain biopsy through a frontal craniotomy, but her condition deteriorated and she died in the first postoperative day. Histopathological studies and immunohistochemistry disclosed CMV disease, and there was no evidence of cerebral toxoplasmosis, bacterial, mycobacterial or fungal infection. CMV disease should be considered in the differential diagnosis of cerebral mass lesion in AIDS patients. High suspicion index, timely diagnostic procedures (surgical or minimally invasive, and proper utilization of prophylactic and therapeutic medication could improve outcome of these patients.As doenças causadas pelo citomegalovírus (CMV em pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida apresentam-se principalmente como corioretinite ou comprometimento gastrointestinal. No sistema nervoso central, o CMV pode causar diversas síndromes clínicas: poliradiculite, mielite, encefalite, ventrículo-encefalite e mononeurite múltipla. Raramente, lesões expansivas cerebrais são descritas. Os autores relatam o caso de uma paciente de 39 anos com antecedentes de infecção pelo HIV e toxoplasmose cerebral, que apresentou-se com febre, convulsões e úlceras vulvares. O raios-X de tórax demonstrou múltiplos nódulos pulmonares e a tomografia computadorizada de crânio evidenciou extensa lesão no lobo frontal esquerdo

  14. Sistematização da origem, da distribuição e dos territórios da artéria cerebral caudal na superfície do encéfalo em gatos Systematization of the origin, distribution and territory of the caudal cerebral artery on the surface of the encephalon in cats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Maurício Mendes de Lima

    2010-09-01

    Full Text Available Foram estudados 26 encéfalos de gatos, adultos, sem diferenciação de sexo, sem raça definida, corados com látex e fixados por solução aquosa de formaldeído. As artérias cerebrais caudais, direita e esquerda, apresentaram-se únicas em 96,1 e 88,4% dos casos, respectivamente. Em 69,2% dos casos no antímero direito e 80,8% no esquerdo, a artéria cerebral caudal originou-se pela anastomose entre o ramo caudal da artéria carótida interna, com maior contribuição, e o ramo terminal da artéria basilar. Em 88,4% dos casos no antímero direito e em 84,6% no esquerdo, a artéria cerebral caudal originou a artéria tectal rostral e um ramo caudal. O ramo caudal bifurcou-se e vascularizou os colículos rostrais e caudais dos corpos quadrigêmeos e em alguns casos contribuiu na formação do plexo coroide do terceiro ventrículo. A artéria tectal rostral seguiu ventralmente ao lobo piriforme e durante seu trajeto liberou ramos para o hipocampo e, no antímero esquerdo, supriu a superfície dorsal do tálamo, contribuindo para a formação do plexo coroide do terceiro ventrículo.In this study were used 26 brains of adult cats, without sex differentiation and definable race, colored with latex and fixed in formaldehyde aqueous solution. The right and left caudal cerebral arteries were single in 96.1% and 88.4% of the sample, respectively. In 69.2% of the samples on the right side and 80.8% on the left, the caudal cerebral artery fin from the anastomosis behind the caudal branch of the internal carotid artery, with a large contribution, and the basal artery terminal branch. In 88.4% of the samples on the right side and 84.6% on the left, the caudal cerebral artery showed the tectal rostral artery and one caudal branche. The caudal branch forked in two branches that supplied the rostral and caudal colliculis of the quadruplet bodies and formed the choroid plexus of the third ventricle. The tectal rostral artery followed ventrally to the

  15. Diagnóstico não invasivo da anemia fetal pela medida do pico de velocidade sistólica na dopplervelocimetria da artéria cerebral média Noninvasive fetal anemia diagnosis by middle cerebral artery peak systolic velocity waveform measurement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Roberto Taveira

    2004-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar se existe associação entre a medida do pico de velocidade sistólica (PVS na dopplervelocimetria da artéria cerebral média (ACM e a concentração de hemoglobina fetal e determinar a sua capacidade diagnóstica. MÉTODOS: entre janeiro de 2000 e maio de 2003, 44 gestantes isoimunizadas foram submetidas a transfusão intra-uterina. Realizou-se estudo dopplervelocimétrico da ACM antes de cada transfusão fetal, sempre com intervalo inferior a 3 horas, antecedendo o procedimento. O PVS da ACM foi considerado alterado quando seu valor era superior a 1,5 múltiplo da mediana para a respectiva idade gestacional. A concentração de hemoglobina do cordão foi aferida antes de se iniciar a infusão de sangue, realizada no Hemocue® (B-Hemoglobin Photometer Hemocue AB; Angelholm, Sweden. O estudo estatístico foi feito pelo teste do chi2 e também foram calculados os valores de sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo. RESULTADOS: foram realizados 83 procedimentos, sendo que em 33 a hemoglobina fetal era inferior a 10,0 g/dL. Houve associação significativa entre as variáveis estudadas, pPURPOSE: to assess the correlation between middle cerebral artery peak systolic velocity and umbilical cord blood hemoglobin concentration and to determine its diagnostic value. PATIENTS AND METHODS: a cross-sectional prospective study was performed from January 2000 to May 2003. Forty-four isoimmunized pregnant women underwent a protocol for the identification of fetal hemolysis. When intrauterine transfusions were indicated, the umbilical cord blood hemoglobin concentration was measured at the beginning of the procedure. Each intrauterine transfusion preceded by Doppler velocimetry of the middle cerebral artery was regarded as one case, summing up eighty-three procedures. In all cases, the middle cerebral artery Doppler examinations were performed within the three hours preceding fetal blood sample collection. The

  16. Percepção dos pais diante do diagnóstico e da abordagem fisioterapêutica de crianças com paralisia cerebral = Parents’ perception facing the diagnostic and physiotherapeutic approach for children with cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedroso, Clarissa Niederauer Leote da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar qual a percepção dos pais de crianças com paralisia cerebral (PC diante do diagnóstico e da abordagem fisioterapêutica. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo do tipo observacional exploratório de casos. A pesquisa foi desenvolvida em uma instituição de reabilitação física e inclusão social da cidade de Canoas, Rio Grande do Sul, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2012. Foram abordados dez pais, escolhidos por conveniência, cujos filhos recebem atendimento no setor de fisioterapia da instituição. Os dados coletados foram organizados e categorizados, possibilitando a interpretação segundo a análise de conteúdo de Bardin. Resultados: Participaram da pesquisa nove mães e um pai, com idades média de 35 anos e 4 meses. Verificou-se que os pais mudaram a sua percepção de diagnóstico em relação ao instante em que ele foi noticiado e ao momento atual, passando de incertezas e de pouco entendimento para uma fase de aceitação e esclarecimento. Houve demora na confirmação do diagnóstico e no encaminhamento para a fisioterapia. A abordagem fisioterapêutica foi vista como algo indispensável para a evolução da criança, sendo percebidos progressos no quadro do filho após o início do tratamento. Os participantes afirmaram receber e realizar as orientações fornecidas pelo fisioterapeuta. Conclusão: A percepção dos pais em relação ao diagnóstico é moldada na medida em que a criança inicia o tratamento e recebe acompanhamento profissional, somado ao próprio desenvolvimento dela. Quanto à percepção a respeito da fisioterapia observou-se que no momento em que os pais receberam o encaminhamento para o tratamento fisioterapêutico eles demonstraram expectativas mais positivas para a vida do filho, principalmente para melhorar suas condições motoras

  17. Influência do antibiótico nas lesões de isquemia e reperfusão intestinal: estudo experimental em ratos The influence of antibiotics on intestinal ischemia and reperfusion: experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes Pessole Biondo-Simões

    2000-01-01

    Full Text Available Muito se tem questionado sobre os efeitos da isquemia intestinal seguida de reperfusão (I/R, chamando a atenção para o papel dos leucócitos na patobiologia da I/R. A fisiopatogenia das lesões está intimamente ligada à geração de radicais de oxigênio durante o período em que se processa a reperfusão. A ruptura da barreira intestinal permitindo a translocação bacteriana agravaria ainda mais estas lesões. Este estudo tem por objetivo avaliar as lesões intestinais na vigência de isquemia e na reperfusão com e sem antibioticoterapia. Submeteram-se 42 ratos Wistar à anestesia e laparotomia mediana. Obteve-se isquemia intestinal por clampeamento das artérias mesentéricas cranial e caudal por 30 minutos. Após reperfundiu-se por igual tempo. Metade destes animais receberam 50 mg/kg de eritromicina por via oral nas 24 horas que antecederam o procedimento. Cada um destes grupos foi subdividido em outros 3, constituíndo os subgrupos de controle, isquemia e isquemia/reperfusão. Ao final, ressecaram-se segmentos do intestins delgado para processamento histológico. Avaliaram-se os resultados pela escala de CHIU e col. e submeteram-se os resultados à tratamento estatístico. Observou-se que a mucosa intestinal apresentava-se com padrão normal nos grupos de controle, tanto com antibioticoprofilaxia como sem. Os intestinos submetidos à isquemia com ou se antibioticoprofilaxia mostraram, lesões com descolamento e perda de vilosidades até infartamento transmucoso. Os intestinos reperfundidos apresentavam lesões semelhantes. Verificou-se que os intestinos reperfundidos que receberam antibioticoprofilaxia apresentavam lesões mais graves do que os que sofreram isquemia sem antibioticoprofilaxia (p=0,0303. Concluiu-se que o uso de antibióticos pré-isquemia não diminui a gravidade das lesões histopatológicas da mucosa intestinal, não protegendo das lesões após a reperfusão.The role of the white blood cells in the ischemia and

  18. Entrenamiento en actividades de la vida diaria en un paciente con daño cerebral adquirido = Activities of daily living training in brain damage patient

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruiz Sancho, A

    2007-09-01

    Full Text Available RESUMENLas personas que se ven afectadas por un daño cerebral adquirido pueden sufrir secuelas físicas, cognitivas, conductuales y emocionales. La gravedad de las mismas varía en función de la magnitud y naturaleza del daño, dificultando que la persona mantenga su autonomía y que requiera de terceras personas durante el desempeño de sus tareas cotidianas.Dentro del proceso rehabilitador es función del terapeuta ocupacional intervenir en el entrenamiento de las actividades de la vida diaria básicas e instrumentales para lograr el nivel más alto de independencia posible. Cuánto más ecológico sea el tratamiento más posibilidades tendremos de que éste se generalice, sobre todo en los casos en que la gravedad de la lesión sea importante.El siguiente artículo describe el tratamiento en terapia ocupacional de una persona con daño cerebral adquirido mediante el entrenamiento en la realización de las actividades de la vida diaria básicas, permitiendo así la generalización de los aprendizajes en su entorno cotidiano con el fin de favorecer su autonomía personal. SUMARYPeople who have been affected by a cerebral acquired damage could suffer physical, cognitive, behavioural and emotional sequels. The gravity of these sequels changes depending on the magnitude and nature of the damage. And it makes more difficult that the person supports his/her autonomy and it could be necessary third persons for his/her daily care.By this way, in the rehabilitation process, the occupational therapist has to intervene in the training of the daily life basic and instrumental activities to get the highest possible level of independence. The more ecological it is the treatment, the more possibilities we will have that this one is generalized, especially the more serious is the person damage.The following article intents to describe an occupational therapy intervention with a person who has suffered an acquired brain damage, especially working by the

  19. Sentimentos das mães de crianças com paralisia cerebral à luz da teoria de Mishel Sentimientos de las madres de niños con parálisis cerebral a luz de la Teoría de Mishel The mothers of children with cerebral palsy feelings motivated by the Mishel's Theory

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamilla de Mendonça Gondim

    2012-03-01

    Full Text Available As crianças com paralisia cerebral sofrem com as consequências da lesão ao cérebro, apresentando dificuldades que afetam as atividades da vida diária. A família, principalmente a mãe, deve receber apoio dos profissionais para enfrentar o problema. Este estudo objetivou analisar a incerteza das mães quanto à doença de seus filhos com base na Teoria da Incerteza na Doença de Mishel. É um estudo descritivo e qualitativo, realizado em duas instituições públicas especializadas em distúrbios neuromotor da cidade Fortaleza, nos meses de julho e agosto de 2009. Foram entrevistadas 12 mães de crianças com paralisia cerebral por meio de um formulário com as variáveis sócio-econômico-sanitário-demográficas e um roteiro de entrevista semiestruturado baseado na Teoria de Mishel, na versão pais/filhos. Constatamos que as mães apresentam muitas incertezas, principalmente quanto ao futuro da criança. Tais incertezas podem ser reduzidas mediante apoio e orientação dos profissionais de saúde, melhorando, assim, a qualidade de vida de todos os envolvidos.Los niños con parálisis cerebral sufren con las consecuencias de la lesión al cerebro, presentando dificultades que afectan las actividades de vida diaria. La familia, principalmente la madre, debe recibir apoyo de los profesionales para enfrentar el problema. Se objetivó analizar la incerteza de madres cuánto a la enfermedad de sus hijos basada en la Teoría de la Incertidumbre frente a la Enfermedad de Mishel. Se trata de un estudio descriptivo y cualitativo realizado en dos instituciones públicas especializadas en disturbios neuromotores en la ciudad de Fortaleza, en los meses de Julio y Agosto de 2009. Fueron entrevistadas 12 madres de niños con parálisis cerebral a través de un formulario con las variables socio-económico-sanitariodemográficas y un rutero de entrevista seme estructurada basada en la Teoría, versión padres/hijos. Constatamos que las madres presentan

  20. Estudo comparativo do Índice Tornozelo-Braquial em diabéticos e não diabéticos com isquemia crítica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Prado dos Santos

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Contexto A calcificação da camada média arterial pode tornar o Índice Tornozelo-Braquial (ITB falsamente elevado em diabéticos, dificultando a avaliação da doença arterial. Objetivo Comparar os valores do ITB de diabéticos e não diabéticos com isquemia crítica. Métodos Foram incluídos 140 pacientes (60% de diabéticos acompanhados no Serviço de Cirurgia Vascular do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos com isquemia crítica por DAOP infra-inguinal. Comparou-se a média dos valores do ITB dos dois grupos de pacientes, correlacionando o ITB com a gravidade da isquemia, segundo a Classificação de Rutherford. A análise estatística foi realizada pelo EPI-INFO. Resultados A maioria dos 140 pacientes (77% se encontrava na Categoria 5 da Classificação de Rutherford, 6% na 4 e 17% na 6. Nove diabéticos (11% e um não diabético (2% apresentaram ITB > 1,15 (p = 0,02, sendo excluídos da análise das médias do ITB. Considerando os 130 pacientes, os 75 doentes diabéticos apresentaram média do ITB na artéria tibial posterior de 0,26 versus 0,28 dos 55 doentes não diabéticos (p = 0,6; e no ITB da artéria pediosa aqueles apresentaram média de 0,32 versus 0,23 desses (p = 0,06. Estratificando os doentes nas categorias da Classificação de Rutherford, não houve diferença nas médias do ITB nas categorias 4 e 5. Apenas em relação à artéria pediosa e em pacientes na Categoria 6, a média do ITB foi significativamente maior em diabéticos (0,44 versus 0,16; p = 0,03. Conclusão Os diabéticos apresentaram maior prevalência de ITB falsamente elevado. Porém, excluindo-se esses casos, a média dos valores de ITB são semelhantes aos não diabéticos, exceto na artéria pediosa, nos pacientes com isquemia na categoria 6.

  1. Influência prognóstica adversa do diabetes mellitus e da hiperglicemia sobre a evolução do infarto cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles André

    Full Text Available Em uma série de 109 casos de infarto cerebral comprovado por tomografia computadorizada de crânio, diabetes mellitus esteve presente em 15,6%. Em 86 casos avaliados precocemente foi detectada hiper glicemia em 67,4%, e em 100% de 14 pacientes diabéticos. Houve aumento (não significativo nas taxas de letalidade hospitalar precoce - até o 30º dia de internação - de pacientes diabéticos; suas chances de obter alta precocemente, porém, pareceram reduzidas. A evolução de pacientes com hiperglicemia também pareceu pior. Estes pacientes exibiram redução significativa das chances de obter alta hospitalar precoce. O risco de vida pareceu máximo em diabéticos hiperglicêmicos (42,9%. As aparentes diferenças de letalidade e necessidade de internação prolongada entre pacientes não diabéticos, normo ou hiperglicêmicos, não alcançaram significação estatística. Os achados do presente estudo parecem indicar uma somação de efeitos deletérios pela hiperglicemia e pelo diabetes no curso do infarto cerebral. Cabe agora a avaliação crítica da sugestão de que a normalização precoce de hiperglicemia poderia levar a redução do grau de lesão cerebral após AVE isquêmico.

  2. Use of decompressive craniectomy in the treatment of hemispheric infarction Uso da craniectomia descompressiva no tratamento do acidente vascular cerebral isquêmico hemisférico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Fiorot Jr.

    2008-06-01

    Full Text Available Decompressive craniectomy (DC has demonstrated efficacy in reducing mortality in hemispheric infarction of the middle cerebral artery. The aim of our study was to compare the outcome of patients submitted to DC to patients treated in a conservative way. Eighteen patients were submitted to DC and 14 received conservative treatment. Neurological status was assessed by the Glasgow Coma Score and National Institutes of Health Stroke Scale score. Mortality, modified Rankin Scale and Barthel Index scores were assessed at 90 days to evaluate outcome. We did not observe reduction in overall mortality and functional outcome in patients submitted to DC. The differences between our group and previously published series are probably related to the neurological status of the patients at the time of therapeutic decision.Craniectomia descompressiva (CD tem demonstrado eficácia em reduzir a mortalidade em pacientes com infarto hemisférico (IH da artéria cerebral média. Este estudo avaliou o prognóstico dos pacientes submetidos a CD comparando a pacientes com IH tratados de maneira conservadora. Dezoito pacientes foram submetidos a CD e 14 receberam tratamento conservador. Escala de Coma de Glasgow e Escala de AVC do National Institutes of Health foram utilizadas para graduar o déficit neurológico. A mortalidade, bem como os escores obtidos na escala modificada de Rankin e índice de Barthel foram avaliados em 90 dias. Não foi observada redução de mortalidade nos pacientes submetidos a CD. Essa diferença entre os nossos resultados e os estudos publicados previamente se deve, provavelmente, à decisão cirúrgica tardia em pacientes com sinais clínicos de herniação cerebral.

  3. Isquemia miocárdica: conceptos básicos, diagnóstico e implicaciones clínicas. Segunda parte

    OpenAIRE

    Pedro R. Moreno; Juan H. del Portillo

    2016-01-01

    La isquemia miocárdica puede ser irreversible o reversible dependiendo de diferentes factores moleculares y fisiológicos. En la isquemia miocárdica irreversible se presentan tres tipos de muerte celular a nivel miocárdico: la necrosis, la apoptosis y la autofagia; mientras en la isquemia reversible la restauración de la función de los miocitos está determinada por factores como el restablecimiento temprano del flujo sanguíneo coronario y fenómenos de pre y posacondicionamiento isquémico. Conc...

  4. Inibição da atividade da citrato sintase cerebral em um modelo animal de sepse Inhibition of brain citrate synthase activity in an animal model of sepsis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselli Scaini

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Um amplo corpo de evidência oriundo de estudos experimentais indica que a sepse se associa com um aumento da produção de espécies de oxigênio reativo, depleção de antioxidantes, e acúmulo de marcadores de estresse oxidativo. Além disto, a disfunção mitocondrial foi implicada na patogênese da síndrome de disfunção de múltiplos órgãos. A citrato sintase é uma enzima que se localiza no interior das células, na matriz mitocondrial, sendo uma etapa importante do ciclo de Krebs; esta enzima foi utilizada como um marcador enzimático quantitativo da presença de mitocôndrias intactas. Assim, investigamos a atividade da citrato sintase no cérebro de ratos submetidos ao modelo sepse com de ligadura e punção do ceco. MÉTODOS: Em diferentes horários (3, 6, 12, 24 e 48 horas após cirurgia de ligadura e punção do ceco, seis ratos foram sacrificados por decapitação, sendo seus cérebros removidos e dissecados o hipocampo, estriato, cerebelo, córtex cerebral e córtex pré-frontal, e utilizados para determinação da atividade de citrato sintase. RESULTADOS: Verificamos que a atividade de citrato sintase no córtex pré-frontal estava inibida após 12, 24 e 48 horas da ligadura e punção do ceco. No córtex cerebral, esta atividade estava inibida após 3, 12, 24 e 48 horas da ligadura e punção do ceco. Por outro lado a citrato sintase não foi afetada no hipocampo, estriato e cerebelo até 48 horas após a ligadura e punção do ceco. CONCLUSÃO: Considerando-se que é bem descrito o comprometimento da energia decorrente da disfunção mitocondrial na sepse, e que o estresse oxidativo desempenha um papel essencial no desenvolvimento da sepse, acreditamos que o comprometimento da energia pode também estar evolvido nestes processos. Se a inibição da citrato sintase também ocorre em um modelo de sepse, é tentador especular que a redução do metabolismo cerebral pode provavelmente estar relacionada com a

  5. Os benefícios da hipoterapia nos ajustes posturais em crianças portadoras de paralisia cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Carrogi Vianna

    2017-05-01

    Full Text Available Paralisia Cerebral é uma afecção encefálica que ocorre na fase maturacional, apresentando seqüelas variáveis, envolvendo desordens de postura e movimentos. Examinaram-se alterações posturais de pacientes portadores de Paralisia Cerebral durante e após a realização de Hipoterapia, observando ajustes posturais. Participaram oito crianças, entre 6 e 12 anos, com tetraparesia espástica, apresentando déficics das reações básicas de endireitamento, proteção e equilíbrio. Utilizou-se a Hipoterapia como terapêutica complementar, exigindo respostas posturais automáticas. As crianças foram submetidas a duas sessões semanais, durante doze meses. Constatou-se melhora das variáveis estudadas, concluindo-se que a Hipoterapia auxilia na ativação dos ajustes posturais em crianças com Paralisia Cerebral.

  6. Incidência de isquemia miocárdica no pós-operatório de pacientes submetidos à cirurgia para correção de aneurisma de aorta abdominal: estudo retrospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingos Dias Cicarelli

    2001-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Muitos pacientes submetidos à cirurgia para correção de aneurisma de aorta abdominal apresentam doença coronariana, podendo evoluir com complicações cardíacas perioperatórias. A grande dificuldade é avaliar, no pré-operatório, o risco de complicações cardíacas isquêmicas que ocorrem no período pós-operatório de modo confiável. O objetivo deste estudo foi verificar a incidência de isquemia cardíaca pós-operatória em pacientes submetidos à correção de aneurisma da aorta abdominal, sua correlação com o índice de risco cardíaco de Goldman modificado, com alterações no teste do tálio-dipiridamol e os fatores de risco nessa população. MÉTODO: Foram analisados retrospectivamente 65 pacientes submetidos à correção de aneurisma da aorta abdominal e a incidência dos fatores de risco como tabagismo, insuficiência coronariana, hipertensão arterial sistêmica e Diabetes mellitus. Foi analisada a correlação entre a insuficiência coronariana no pré-operatório, o índice de Goldman modificado e as complicações isquêmicas pós-operatórias. Foi avaliada a correlação do teste tálio-dipiridamol pré-operatório e eventos isquêmicos no pós-operatório. RESULTADOS: Cerca de 80% dos pacientes apresentavam antecedente de tabagismo, 55% de hipertensão arterial, 8% de Diabetes mellitus, 25% de insuficiência coronariana. Entre os pacientes com insuficiência coronariana, cinco possuíam angina pré-operatória e apresentaram uma incidência de 40% de isquemia miocárdica no pós-operatório, sendo a incidência de infarto agudo do miocárdio de 6,2%. No nosso estudo, 14% dos pacientes Goldman modificado II e 33% dos pacientes Goldman modificado III apresentaram isquemia miocárdica pós-operatória. Dezesseis pacientes (24% foram submetidos ao tálio dipiridamol no pré-operatório, sendo que 10 (62% apresentaram defeitos de captação cintilográfica. O valor preditivo positivo do exame

  7. Facilidades e dificuldades da família no cuidado à criança com paralisia cerebral Dificultades y facilidades de la familia en el cuidado a los niños con parálisis cerebral Family's abilities and difficulties in caring for children with cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meryeli Santos de Araújo Dantas

    2012-09-01

    Full Text Available Pesquisa qualitativa, exploratória, descritiva, que objetivou apreender as facilidades e as dificuldades da família no cuidado às crianças com paralisia cerebral. Os dados foram coletados com sete famílias, entre março e abril de 2009, por meio de entrevista semiestruturada. A análise seguiu os princípios da interpretação temática. As dificuldades são mais evidenciadas que as facilidades e trazem repercussões nas atividades de vida diária. Lidar com convulsões de difícil controle, espasticidade, alterações de tônus postural, presença de reflexos primitivos implicam na complexidade em tarefas simples, como alimentação, banho, locomoção, pois as crianças ficam, cada dia, mais dependentes dos cuidadores. Com o tempo, as dificuldades cedem lugar à rotina e à adaptação à vida diária da criança. Estreitar relações com a família, melhorando o vínculo e desenvolvendo ações de qualidade e integrais, promovem o bem-estar da família/criança com paralisia cerebral.Investigación cualitativa, exploratoria-descriptiva que objetivó comprender las facilidades dificultades de la familia en el cuidado a los niños con parálisis cerebral. Los datos fueron recolectados con siete familias, entre marzo y abril del 2009, por medio de entrevista semiestructurada. El análisis siguió los principios de interpretación temática. Las dificultades son más evidenciadas que las facilidades y traen repercusiones en las actividades de la vida diaria. Lidiar con convulsiones de difícil control, espasticidad, alteraciones de tono postural, presencia de reflejos primitivos implica en la complejidad en tareas simples como alimentación, baño, locomoción, pues los niños se vuelven cada día más dependientes de los cuidadores. Con el tiempo las dificultades ceden lugar a la rutina y adaptación a la vida diaria de los niños. Estrechar relaciones con la familia, mejorando el vínculo y desarrollando acciones de calidad e integrales

  8. Middle cerebral artery revascularization: anatomical studies and considerations on the anastomosis site Revascularização da artéria cerebral média: estudo anatômico e considerações sobre o local de sutura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo S. Meneses

    1997-01-01

    Full Text Available In the surgical management of skull base lesions and vascular diseases such as giant aneurysms, involvement of the internal carotid artery may require the resection or the occlusion of the vessel. The anastomosis of the external carotid artery and the middle cerebral artery with venous graft may be indicated to re-establish the blood flow. To determine the best suture site in the middle cerebral artery, an anatomical study was carried out. Fourteen cerebral hemispheres were analysed after the injection of red latex into the internal carotid artery. The superior and inferior trunk of the main division of the middle cerebral artery have more than 2 mm of diameter. They are superficial allowing an anastomosis using a venous graft. The superior trunk has a disadvantage, it gives rise to branches for the precentral and post-central giri. The anastomosis with the inferior trunk presents lower risk of neurological deficit even though the angular artery originates from it.No tratamento cirúrgico das lesões da base do crânio e patologias vasculares como aneurismas gigantes, a ressecção ou oclusão da artéria carótida interna pode ser necessária. A anastomose das artérias carótida externa e cerebral média com interposição de enxerto venoso pode ser utilizada para restabelecer o fluxo sangüíneo. Para determinar o melhor local de sutura na artéria cerebral média, realizou-se um estudo anatômico. Quatorze hemisférios cerebrais foram analisados depois da injeção de látex vermelho na artéria carótida interna. Os ramos superior e inferior da divisão principal da artéria cerebral média têm mais de 2 mm de diâmetro. Eles são superficiais e permitem uma anastomose utilizando um enxerto venoso. O tronco superior tem a desvantagem de dar origem aos ramos para os giros pré e pós-centrais. A anastomose com o tronca inferior apresenta menor risco de déficit neurológico, apesar da artéria angular ter origem desse vaso.

  9. Evolução dos índices dopplervelocimétricos da artéria cerebral média em fetos de gestantes normais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Costa Antonio Gadelha da

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: observar a evolução dos índices de resistência, pulsatilidade, velocidade máxima, velocidade diastólica final e tempo de aceleração da artéria cerebral média fetal entre a 22ª e a 38ª semana de gestação. MÉTODOS: foi feito estudo observacional prospectivo e longitudinal no qual 33 fetos de gestantes normais foram avaliados entre a 22ª e a 38ª semana de gestação. A idade gestacional foi determinada pela data da última menstruação e/ou pelo exame ultra-sonográfico do primeiro trimestre. Os exames ultra-sonográficos com Doppler foram feitos por um único observador, que utilizou aparelho modelo Image Point 1800 (Hewlett Packard, com transdutor multifreqüencial. Para a aquisição do traçado Doppler da artéria cerebral média, o indicador de amostra foi calibrado para um volume de amostra de 1 mm³ e colocado na artéria cerebral média anterior o mais próximo da calota craniana. O ângulo de insonação foi mantido entre 5º e 19º e o filtro foi ajustado na freqüência de 50-100 Hz. Os recém-nascidos foram avaliados no intuito de comprovar que os fetos eram vigorosos e adequados para a idade gestacional. RESULTADOS: os resultados obtidos para o índice de resistência e pulsatilidade revelaram que a evolução dos valores no período entre a 22ª e a 38ª semana é descrita por uma equação do 2O grau, representando uma parábola. Os valores medianos para o índice de resistência foram de 0,81 na 22ª semana e 0,75 na 38ª semana. O índice de pulsatilidade foi de 1,59 na 22ª semana e 1,45 na 38ª semana. A velocidade sistólica máxima aumentou progressivamente ao longo da gestação, com valores de 26,3 cm/s na 22ª semana e 57,7 cm/s na 38ª semana. A velocidade diastólica final teve aumento progressivo a partir de 26 semanas (5,21 cm/s até o termo (14,6 cm/s. O tempo de aceleração mostrou aumento significativo apenas entre 26 e 30 semanas, cujos valores foram de 0,04 s na 26ª semana e 0,05 s na

  10. Detecção da encefalopatia hepática subclínica por espectroscopia cerebral Detection of subclinical hepatic encephalopathy by magnetic resonance spectroscopy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Justo Schulz

    2007-06-01

    Full Text Available RACIONAL: A encefalopatia hepática é anormalidade neuropsiquiátrica comum em cirróticos e está associada com alterações típicas de determinados metabólitos cerebrais, como o decréscimo de mio-inositol e colina e o aumento de glutamina-glutamato, observadas na espectroscopia cerebral por ressonância magnética. OBJETIVO: Determinar os níveis dos metabólitos cerebrais em pacientes cirróticos para diagnóstico da encefalopatia hepática em estágios iniciais. MÉTODOS Foram estudados 25 pacientes com cirrose hepática, do Serviço de Transplante Hepático da Universidade Federal do Paraná, através de avaliação clínica (exame neurológico e testes neuropsicométricos e espectroscopia por ressonância magnética cerebral. A área espectral estudada por ressonância magnética envolveu a região occipital (substância branca e cinzenta. Trinta voluntários sadios formaram o grupo controle. RESULTADOS: A encefalopatia hepática subclínica foi diagnosticada em 12 pacientes (48%. Reduções significativas nos índices de MI/Cr foram observadas nos pacientes com encefalopatia quando comparados aos controles (0,49±0,10 vs. 0,83±0,13; P BACKGROUND: Hepatic encephalopathy is a common neuro-psychiatric abnormality in liver cirrhosis associated with typical changes of cerebral metabolite pattern, such as a decrease of myo-inositol and cholina and increase of glutamine-glutamate, observed by magnetic resonance spectroscopy. AIM: To determine cerebral metabolite ratios in liver cirrhosis patients with early stages of hepatic encephalopathy. METHODS: Twenty-five patients with chronic hepatic failure from Liver Transplantation Unit of the Federal University of Paraná were studied with clinical evaluation and magnetic resonance spectroscopy. Localized magnetic resonance spectra were acquired in the occipital gray/white matter regions. Thirty healthy volunteers were also subjected to the same evaluations, making up the control group. RESULTS

  11. Resultados funcionais da aplicação da toxina botulínica tipo A em pacientes com acidente vascular cerebral

    OpenAIRE

    Vanessa Ribas Massia

    2009-01-01

    O Acidente Vascular Cerebral (AVC), junto com as demais doenças cerebrovasculares, é a terceira causa de óbito em países desenvolvidos e a principal causa de incapacidade em adultos. A espasticidade é a seqüela motora mais incapacitante, limitando as atividades funcionais. A toxina Botulínica (TB) tem se mostrado uma opção terapêutica benéfica, eficaz e segura. Pacientes submetidos à aplicação de TB devem iniciar um tratamento fisioterapeutico a fim de estabelecer a função perdida, tornando-o...

  12. Efecto de un programa de actividad físico deportiva sobre la salud de personas con daño cerebral adquirido en fase crónica

    OpenAIRE

    Pérez Rodríguez, Marta

    2017-01-01

    El Daño Cerebral Adquirido (DCA) es una discapacidad con gran incidencia en nuestra sociedad, de gran complejidad y grandes costes sanitarios, siendo las dos etiologías más comunes el ictus y el traumatismo craneoencefálico (TCE). El resto de etiologías de lesión cerebral son menos frecuentes, aunque generan demandas de recuperación similares. Los avances en el área de la neurorrehabilitación han logrado establecer una propuesta eficaz para la mejora funcional sobre los diferentes déficits fí...

  13. Effect of short-term ornithine alpha-ketoglutarate pretreatment on intestinal ischemia-reperfusion in rats Efeitos do pré-tratamento em curto prazo com ornitina alfa-cetoglutarato na isquemia-reperfusão intestinal em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Silvio Gouveia Gonçalves

    2011-01-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate the effects of preventive enteral administration of ornithine alpha-ketoglutarate (OKG in an ischemia-reperfusion rat model. METHODS: Sixty rats were randomized into five groups (G1-G5, n = 12. Each group was divided into two subgroups (n = 6 and treated with calcium carbonate (CaCa or OKG by gavage. Thirty minutes later, the animals were anesthetized with xylazine 15mg + ketamine 1mg ip and subjected to laparotomy. G1-G3 rats served as controls. Rats in groups G4 and G5 were subjected to ischemia for 30 minutes. Ischemia was achieved by clamping the small intestine and its mesentery, delimiting a segment of bowel 5 cm long and 5 cm apart from the ileocecal valve. In addition, G5 rats underwent reperfusion for 30 minutes. Blood samples were collected at the end of the laparotomy (G1, after 30 minutes (G2, G4 and 60 minutes (G3, G5 to determine concentrations of metabolites (pyruvate, lactate, creatine phosphokinase (CPK, thiobarbituric acid reactive substances (TBARS and glutathione (GSH. RESULTS: There was a significant decrease in tissue pyruvate and lactate and plasma CPK levels in OKG-treated rats at the end of reperfusion period. GSH levels did not change significantly in ischemia and reperfusion groups. However, TBARS levels increased significantly (pOBJETIVO: Investigar os efeitos da administração enteral preventiva de ornitina alfa-cetoglutarato (OKG em modelo de isquemia-reperfusão no rato. MÉTODOS: Sessenta ratos foram randomizados em cinco grupos (G1-G5, n=12. Cada grupo foi redistribuído em dois subgrupos (n=6 e tratado com carbonato de cálcio (CaCa ou OKG por gavagem. Trinta minutos mais tarde, os animais foram anestesiados com xilazina 1mg+cetamina 15mg i.p. e submetidos à laparotomia. Os ratos dos grupos G4-G5 foram submetidos à isquemia por 30 minutos. A isquemia foi obtida por pinçamento do intestino delgado, delimitando um segmento com 5 cm de comprimento e distando 5 cm da válvula ileocecal. O

  14. Utility of Brain SPECT 99mTc-HMPAO scintigraphy for the evaluation of regional cerebral blood flow changes in patients suffering from dissociative amnesia DA and dissociative motor disorders DMD (previously termed as hysteria)

    International Nuclear Information System (INIS)

    Ali, F.

    2007-01-01

    Full text: The aim of the study was to assess the utility of Brain SPECT 99 mTc-HMPAO scintigraphy for the evaluation of regional cerebral blood flow changes in patients suffering from dissociative amnesia (DA) and dissociative motor disorders (DMD) (previously termed as Hysteria). Materials and Methods: 20 patients were included in the study with a mean age of 26 years, 08 of them suffering from DA and 12 from DMDs. A consultant psychiatrist on the basis of ICD-10 criteria made the diagnosis. Patients were divided into two categories according to the duration of their illness. Category A; included 10 patients having less than six months duration of illness. Category B; included 10 patients having duration of illness more than six months. Ten normal controls having no signs and symptoms of any psychiatric disorder were also included in the study. Brain SPECT study was carried out using 99 mTc-HMPAO. Semiquantitative analysis was done by calculating cortical and cerebellar ratios in normals and comparing the same in the patients. Results: By comparing regional cerebral blood flow ratios of both the categories with normal group, patients suffering from DA showed hypoperfusion in bilateral temporal lobes, in both frontal association areas and both orbito frontal regions and patients suffering for more than 06 months showed a slightly more exaggerated pattern of hypoperfusion in the same cortical areas. On the other hand in DMD only the patients suffering for more than 06 months showed altered cerebral blood perfusion like hypoperfusion in both of the frontal motor areas, hypoperfusion in both temporal lobes and marked hyperperfusion in both orbito frontal areas. Conclusion: Patients of DA show abnormal cerebral perfusion pattern whether in acute or chronic stage while only chronic DMD states precipitate altered cerebral perfusion patterns and these can be visualized on a Brain SPECT study. (author)

  15. Características morfológicas da distribuição vascular cerebral de Sus scrofa Linnaeus (Mammalia, Artiodactyla Morphological characteristics of the cerebral vascular distribution of Sus scrofa Linnaeus (Mammalia, Artiodactyla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jurandyr de A. Câmara Filho

    2004-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a vascularização arterial do encéfalo do javali, Sus scrofa Linnaeus, 1758, Suidae, e comparar com outras espécies. Cinco machos e cinco fêmeas foram injetados com látex colorido. O suprimento arterial do encéfalo foi descrito e análises morfológicas foram feitas. Nesta espécie o circuito arterial do encéfalo é formado por ramos da artéria carótida interna, como: as artérias comunicantes caudais, o ramo rostral, as artérias cerebrais rostrais, e artérias comunicantes rostrais.The aim this study was to verify the arterial vascularization of the wild boar brain, Sus scrofa Linnaeus, 1758, Suidae, and compare with other species. Five male and five female were injected with colored latex. The arterial supply of the brain was described and were done morphological analyses. In this species the arterial circuit of the brain is formed by the internal carotid artery branches, such as: the caudal communicant arteries, rostral branch, rostral cerebral arteries and rostral communicant arteries.

  16. Detección de isquemia silente en pacientes hipotiroideos con estudios de perfusión miocárdica nuclear

    OpenAIRE

    Uriarte, Rodolfo Marcelo; Medina, C. A.; Echazarreta, Andrés L.

    2016-01-01

    En la evaluación de los procesos subclínicos de ateroesclerosis se realizan estudios para la detección de isquemia silente (IS) en pacientes hipotiroideos asintomáticos intentando identificar grupos de riesgo. El objetivo de este trabajo es detectar con estudios de perfusión miocárdica spect gatillado (GS) la presencia de isquemia silente, cuantificando la severidad y extensión en población hipotiroidea.

  17. BREVE ESTUDO DO ESTADO DA ARTE SOBRE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL E SERIOUS GAMES PARA APLICAÇAO NO PROJETO “AVC” DO NÚCLEO DE TECNOLOGIA ASSISTIVA DA UFS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saulo Lordão Andrade Barros

    2013-03-01

    Full Text Available O Acidente Vascular Cerebral é uma das principais causas de morte e de sequelas no mundo. A doença atinge cerca de 16 milhões de pessoas anualmente, dessas, seis milhões morrem. No Brasil, é a principal causa de morte e incapacidade, gerando impactos econômicos e sociais. O trabalho de recuperação desses pacientes é de suma importância para diminuir os impactos causados. Para isto, o presente artigo traz uma revisão da literatura existente sobre a doença e seu tratamento, com foco na utilização de novas tecnologias, como o uso de jogos eletrônicos sérios, a fim de aprimorar o trabalho de recuperação tanto no âmbito físico quanto no emocional.

  18. Papel da curva de agregação plaquetária no controle da antiagregação na prevenção secundária do acidente vascular cerebral isquêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Piedade Patrícia Regina

    2003-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O acidente vascular cerebral (AVC é atualmente a primeira causa de morte no Brasil. O risco de recorrência de AVC é de aproximadamente 30% em cinco anos. Agentes antiagregantes plaquetários são frequentemente prescritos para a prevenção de recorrência do AVC, porém sem um parâmetro laboratorial de ajuste terapêutico. OBJETIVO: Determinar a aplicabilidade da curva de agregação plaquetária, no controle do antiagregante, na prevenção secundária do acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi. MÉTODO: Estudo retrospectivo de janeiro de 1990 a janeiro de 2001; foram analisados 189 pacientes com diagnóstico de AVCi acompanhados durante este período com curva de agregação plaquetária. Foram excluídos os portadores de doenças cardioembólicas. Consideraram-se hipoagregados os doentes com agregação plaquetária ativada pelo ADP e/ou pela adrenalina menor ou igual a 50%. Os doentes tiveram acompanhamento por 1 a 6 anos e a taxa de recorrência de AVCi foi comparada entre os normoagregados e os hipoagregados. RESULTADOS: Nove doentes apresentaram novo AVCi no período do seguimento. Entre os hipoagregados ocorreu 2,6% de recidiva e entre os normoagregados, 15,1% (0,03da antiagregação na prevenção secundária do AVCi.

  19. Estratégia para individualizar uma dose eficiente de betabloqueador em pacientes idosos com isquemia miocárdica e função ventricular esquerda preservada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Serro-Azul João Batista

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar estratégia de titulação para prescrever uma dose de propranolol que seria eficiente em reduzir isquemia do miocárdio em idosos. MÉTODOS: Foram estudados 14 homens idosos (73,6 ± 5,3 anos, portadores de doença coronariana estável, documentada pela cinecoronariografia, com resposta isquêmica ao teste ergométrico e função ventricular esquerda preservada. O propranolol foi titulado a fim de atingir redução de 15% na freqüência cardíaca, ao final da carga de 50 W (correspondente às atividades diárias normais de idosos, em testes ergométricos semanais e feito estudo cintilográfico sincronizado das câmaras cardíacas, em repouso e durante exercício, antes e após seu uso. RESULTADOS: As reduções da freqüência cardíaca na carga de 50 W e em repouso foram semelhantes (21% vs 20%; p=0,5100. O propranolol melhorou a duração do exercício (12,2 ± 2,0 min vs 13,1 ± 1,8 min; p=0,0313 e aboliu as alterações do segmento ST induzidas pelo exercício em 8 (57% pacientes. Em repouso, a fração de ejeção não foi modificada pelo betabloqueador. Durante o exercício máximo, o propranolol reduziu o índice de volume sistólico final e aumentou a fração de ejeção. CONCLUSÃO: A estratégia de empregar betabloqueadores para reduzir a freqüência cardíaca em 15% na carga de 50 W é segura e benéfica nos idosos com isquemia miocárdica e função ventricular preservada. A dose utilizada reduziu a isquemia miocárdica e melhorou a tolerância ao exercício, sem prejudicar o desempenho ventricular durante exercício máximo.

  20. O uso da terapia por contensão induzida em indivíduos com paralisia cerebral: uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Saibt Martins

    2015-12-01

    Full Text Available Um dos mais prevalentes tipos de paralisia cerebral (PC é a hemiparética e, embora a maioria dos indivíduos acometidos alcance a marcha independente, eles frequentemente demonstram alcance, preensão e manipulação limitados. O déficit sensorial, a espasticidade e a fraqueza muscular do membro superior representam obstáculos para a exploração, o autocuidado e as atividades de vida diária. Dentre os tratamentos que objetivam melhorar a função do membro superior parético está a Terapia por Contenção Induzida (TCI. Objetivo: verificar, na literatura, evidências do uso da TCI na reabilitação do membro superior de indivíduos com PC. Método: a busca dos artigos ocorreu nas bases de dados eletrônicas Scielo, Medline, Pedro, Pubmed, Scopus e Lilacs, no período entre 2009 a 2014, com os descritores “terapia por contenção induzida” e “paralisia cerebral”, combinados entre si, e seus respectivos correspondentes em inglês. Resultados: encontrou-se 306 artigos; 96 estudos foram encontrados na base de dados Pubmed, 88 no Medline, 43 no PEDro, 74 no Scopos, 2 no Scielo e 3 artigos no Lilacs. Destes, apenas 23 artigos foram incluídos para análise do estudo. Considerações finais: a pesquisa resultou em número expressivo de publicações, abordando o uso da TCI na reabilitação de crianças com PC, as quais evidenciaram resultados significativos nas habilidades motoras do membro superior, no autocuidado e nas atividades de vida diária, confirmando a eficácia da técnica utilizada isoladamente ou em conjunto com outras abordagens.

  1. O impacto das soluções hipertônica e salina fisiológica na reperfusão do trato gastrintestinal pós-isquemia em ratos

    OpenAIRE

    Chimabucuro, Wilson Kohama; Silva Junior, Bomfim Alves da; Moretti, Ana Iochabel Soares; Velasco, Irineu Tadeu; Rios, Ester Correia Sarmento; Soriano, Francisco Garcia

    2014-01-01

    Objetivo: Investigar o papel de duas diferentes soluções salinas nos mecanismos de lesão após isquemia intestinal: estresse oxidativo e respostas inflamatórias. Métodos: Ratos Wistar foram submetidos a oclusão transitória da artéria mesentérica superior e estudados durante as 6 horas seguintes à reperfusão. Após randomização, os animais foram divididos em quatro grupos: Falso; Solução Hipertônica, os quais receberam infusão de solução salina hipertônica a 7,5% (4mL/kg de peso corpóreo); S...

  2. Importância clínica da dosagem de lactato e contagem de eritroblastos no sangue colhido no segmento placentário da veia umbilical para o diagnóstico de hipóxia-isquemia em prematuros Clinical value of lactate measurement and nucleated red blood cell counts in the placental segment of the umbilical vein of premature newborns for diagnosis of hypoxia-ischemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yvi Gea

    2007-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a validade clínica das dosagens de lactato e contagem de eritroblastos quando comparados com o excesso de bases (EB em sangue do segmento placentário da veia umbilical de prematuros. MÉTODOS: foram colhidas amostras de 25 prematuros, após ligadura e dequitação. Os prematuros foram seguidos até a alta. Estatística incluiu regressão linear, correlação de Spearman, curvas ROC, Teste de Fisher. RESULTADOS: Lactato mostrou boa correlação com pH e EB (p OBJECTIVE: To evaluate the clinical value of lactate measurement and nucleated red blood cell (NRBC counts when compared to base excess (BE in the blood collected from the placental segment of the umbilical vein. METHODS: 25 umbilical cords from premature babies were sampled after placental delivery and cord clamping. Babies were followed until discharge. Statistics involved linear regression, Spearman's correlation, ROC curves, and Fisher's exact test. RESULTS: The relationship between lactate in the umbilical vein blood and pH and BE was significant (p < 0.0001. A 4.04 mmol/L lactate level showed a sensitivity of 62.5% and a specificity of 94.1% in detecting pH <7.2 and BE < -10 mmol/L. NRBC counts were related to BE (p = 0.0095, but with a sensitivity of 37.5% and specificity of 82.4% in detecting BE < -10 mmol/L. CONCLUSIONS: Lactate is a valuable marker of fetal hypoxia when sampled from placental segment veins. NRBC counts demonstrated low sensitivity for the detection of acidosis.

  3. Percepção de conflito em uma família recasada constituída por um filho com paralisia cerebral Perception of conflict in a stepfamily with a child with cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hilda Rosa Moraes de Freitas

    2012-03-01

    Full Text Available O aumento no número de separação/divórcio favorece o surgimento de novas estruturas familiares. Nesse sentido, o recasamento desponta como uma possibilidade de ordenamento do grupo familiar, que impõe à nova família uma reorganização, sobretudo nas vidas afetiva, social e econômica, assim como maior flexibilidade para negociar questões de associação, espaço, autoridade e tempo. O objetivo deste artigo foi descrever a estrutura e a dinâmica de uma família recasada, na qual há uma criança com paralisia cerebral, a partir de suas representações acerca de situações de conflito. Neste estudo de caso, foi pesquisada uma família, constituída, por três membros, mãe, filho e padrasto; foram aplicados um roteiro de entrevista semiestruturado e o Family System Test (FAST. Os escores obtidos no FAST demonstraram proximidade na díade mãe-filho e distanciamento na díade padrasto-enteado, com a hierarquia concentrada na mãe; quanto à flexibilidade das fronteiras, a percepção do casal indicou fronteiras rígidas tanto no sistema familiar quanto no parental, diferenciando-se da percepção do filho sobre o sistema familiar com uma fronteira difusa. Portanto, alguns fatores destacados na literatura e presentes nessa família como: diferença no ciclo de vida do casal; pouco tempo de união; bagagem emocional entre mãe e filho, associados às demandas de cuidado da criança, seus recursos biopsicológicos e disposições; configuraram um padrão rígido, com baixa flexibilidade, o que dificulta a inserção do padrasto no grupo e, consequente, assunção de co-paternidade nos cuidados e criação do enteado.The increase in the number of separation/divorce has favored the emergence of new family structures. Thus, remarriage becomes a possibility for developing the family group which requires emotional, social and economic reorganization of the family, as well as greater flexibility to negotiate association, space, time and

  4. Peso de nascimento como preditor para a gravidade da lesão da substância branca cerebral neonatal Birth weight as predictor for the severity of neonatal brain white matter lesion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Argollo

    2006-06-01

    Full Text Available Para analisar a associação entre fatores natais com a gravidade da lesão da substância branca (LSB cerebral neonatal, controlando o peso de nascimento, identificaram os neonatos pela ultra-sonografia craniana, que foram divididos em: aqueles com evolução da LSC para resolução da imagem ao ultra-som (menor gravidade e, aqueles que evoluiram com formação de cistos e/ou ventriculomegalia e/ou hemorragia (maior gravidade. Doze variáveis (hiponatremia, anemia, infecção, retinopatia, displasia broncopulmonar, hipoalbuminemia, persistência do canal arterial, audiometria alterada, desconforto respiratório precoce, peso de nascimento To analyze the association of natal factors with the severity of neonatal brain white matter lesion (WML by controlling the birth weight, we identified newborns with WML who were divided into: those with WML evolution towards resolution of the ultrasound image (less severe, and those who evolved with cist formation and/or ventriculomegalia and/or hemorrhage (greater severity. There were differences among the twelve variables (hyponatremia, anemia, infection, retinopathy, broncopulmonary dysplasia, hypoalbuminemia, persistence of the arterial canal, altered audiometry, early respiratory distress, birth weigh below 2,500 g, weight per category, and prematurity between the two groups (p<0.05, being that nine variables (hyponatremia, infection, retinopathy, hypoalbuminemia, persistence of the arterial canal, early respiratory distress, low weight, prematurity, and weight per category remained statistically different (p<0.01 after the logistic regression analysis. When the variables were analyzed by birth weight category none of them presented statistical significance. This study suggests that birth weight is the major factor - likely the only one - associated to the severity of neonatal brain white matter lesion.

  5. Cuidado Parental à Criança com Paralisia Cerebral: uma Revisão Sistemática da Literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana AFONSO

    Full Text Available RESUMO: o objetivo da presente revisão foi refletir sobre estudos empíricos acerca da percepção dos pais sobre os cuidados dirigidos ao filho com paralisia cerebral. A busca eletrônica se deu nas bases de dados Psynet APA e utilizou protocolo adaptado a partir das diretrizes da Cochrane Collaboration. A amostra inicial foi composta por 279 estudos, a partir da qual foram realizados dois testes de relevância: o teste de relevância I - aplicado aos resumos dos artigos por um pesquisador e o teste de relevância II- aplicado por dois juízes externos que realizaram a leitura dos artigos na íntegra. Vinte e dois artigos foram selecionados. Os objetivos relatados foram submetidos ao Nvivo 10 software para análise de cluster por decodificação e aplicação de análise de conteúdo. Tais análises revelaram cinco grandes categorias analíticas: reabilitação (serviços centrados na família, percepção dos pais e qualidade de vida das mães durante a reabilitação; experiência nos cuidados diários (dificuldades das mães, a experiência dos pais, sobrecarga e tempo de cuidado; apoio (sofrimento dos pais, apoio do parceiro, estresse, necessidades dos pais, percepção do suporte recebido, problemas comportamentais da criança e serviço de cuidado formal; satisfação dos pais (práticas de serviços centrados na família e a experiência dos pais durante os procedimentos cirúrgicos experimentados pelas crianças e experiência na alimentação. Concluiu-se que a satisfação dos pais em relação ao apoio recebido e aos serviços especializados se mostrou baixa.

  6. Actinomicose cerebral: observação anatomo-clinica e revisão da literatura brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano de Souza Queiroz

    1975-12-01

    Full Text Available Os autores relatam a observação anátomo-clínica de um paciente de 33 anos, com síndrome de hipertensão intracraniana e hemiparesia à direita. O líquido cefalorraqueano revelava discreta hipercitose linfomonocitária. A autópsia mostrou três abscessos cerebrais, com edema difuso mais intenso no hemisfério cerebral esquerdo, sem leptomeningite purulenta. O exame histopatológico demonstrou grãos actinomicóticos nos abscessos cerebrais e pulmonares. A literatura brasileira sobre neuroactinomicose é analisada, com encontro de seis casos, publicados entre 1934 e 1946. São discutidos aspectos clínicos e anátomo-patológicos relevantes dos casos nacionais.

  7. A Influência da Equoterapia no Desempenho Motor e Alinhamento Postural da Criança com Paralisia Cerebral Espástico-Atetóide – Acompanhamento de um Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Valdiviesso

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo desse estudo foi verificar, através de um estudo de caso, os benefícios no desempenho motor e no alinhamento postural de tronco no pré e póstratamento com a equoterapia em uma criança portadora de paralisia cerebral espástico-atetóide. A criança foi avaliada por meio da escala GMFM (Gross Motor Function Measure, sempre antes e após cada sessão de equoterapia, durante 10 sessões, avaliando o desempenho motor da criança. Para a avaliação do alinhamento postural de tronco foram analisados os registros fotográficos das vistas lateral direita, lateral esquerda e posterior antes e após cada sessão, com a criança colocada na postura sentada em um banco sem encosto, os pés apoiados na superfície, verificando o endireitamento de tronco e o posicionamento cefálico. Os resultados obtidos permitiram observar que não houve melhora significativa no desempenho motor, porém com relação ao alinhamento postural verificou-se importante melhora após cada sessão.

  8. Efecto terapéutico del alprostadil en pacientes con isquemia crítica terminal de los miembros inferiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo J. Karles-Ernotte

    2017-01-01

    Conclusiones: El tratamiento de pacientes con isquemia crítica de miembro inferior con alpostadil por infusión intravenosa, con bolos diarios de entre 60 y 120 mcg durante 28 días, este medicamento es seguro y presenta mínimos efectos secundarios. Esta terapia mejora sustancialmente el estadio funcional de Rutherford en estos pacientes y evita amputaciones mayores.

  9. Como avaliar a percepção de competência e aceitação social de crianças com paralisia cerebral?Estudo inicial para a determinação das propriedades psicométricas da versão portuguesa da Dutch Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance in Children with Cerebral Palsy How to measure children with cerebral palsy's perception of competence and social acceptance?Preliminary study to determinate the psychometric properties of the portuguese version of the Dutch Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance in Children with Cerebral Palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Manuel Nunes Corredeira

    2007-12-01

    Full Text Available O principal objectivo deste estudo consistiu na determinação das propriedades psicométricas da versão portuguesa da Dutch Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance in Children with Cerebral Palsy. Participaram neste estudo 108 crianças (60 rapazes e 48 raparigas com paralisia cerebral, com idades entre os 4 e os 9 anos, distribuídas em hemiplegicas, diplégicas e tetraplégicas e com um QI igual ou superior a 70. A maioria (n=98 frequentava o ensino regular, enquanto apenas 10 frequentavam escolas especiais. O instrumento foi aplicado num segundo momento a 41 das crianças, com um intervalo máximo de duas semanas. Os resultados da correlação de Pearson relativamente aos dois momentos (entre 0.80 e 0.98 bem como o valor do alfa de Cronbach (entre 0.69 e 0.93 evidenciam uma boa fiabilidade da versão portuguesa. Também os valores das inter-correlações entre as quatro subescalas (r=0.60 ou superior bem como os valores médios das respostas das crianças em função de diferentes características (idade, sexo, condição médica para as diferentes subescalas apoiam a validade interna do instrumento. Em suma, os resultados do nosso estudo, na sua globalidade, parecem confirmar as propriedades psicométricas da versão portuguesa da Dutch Pictorial Scale, pelo que esta parece constituir-se como um instrumento fiável e válido para a avaliação do modo como as crianças portuguesas com Paralisia Cerebral se percebem no domínio cognitivo, físico e social.The main purpose of this study was to examine the psychometric properties of the Portuguese version of the Dutch Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance in Children with Cerebral Palsy. The sample was made up of 108 children (60 boys and 48 girls with cerebral palsy, aged between 4 and 9 years, who suffered hemiplegia, diplegia or quadriplegia and had an IQ of 70 or higher. Most of the children (n=98 attended regular schools (integrated in

  10. Cerebral Palsy

    Science.gov (United States)

    Cerebral palsy is a group of disorders that affect a person's ability to move and to maintain balance ... do not get worse over time. People with cerebral palsy may have difficulty walking. They may also have ...

  11. Daño cerebral adquirido: percepción del familiar de las secuelas y su malestar psicológico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elena López de Arróyabe Castillo

    2013-01-01

    Full Text Available Este estudio tuvo como objetivo evaluar la percepción que el familiar tiene de los problemas de la persona afectada por un daño cerebral adquirido y su asociación a sus propios síntomas de estrés, depresión y duelo. Participaron 223 familiares (cuidadores principales. Se desarrolló un inventario de 36 secuelas percibidas estructuradas en 6 factores: déficits cognitivos y sensoriales, cambios de personalidad, dependencia, actividad disminuida, trastornos emocionales y autoconciencia y percepción social disminuida. Los resultados mostraron que las secuelas percibidas tienen relativamente poco impacto en el malestar psicológico del familiar. Las secuelas con mayor asociación a los síntomas psicológicos fueron dependencia, asociada significativamente a sentimientos actuales de duelo, y la actividad disminuida, que se asocia a las respuestas involuntarias de estrés de aproximación y alejamiento. Estos datos contradicen la literatura que sostiene la relación causal entre secuelas percibidas y síntomas en los familiares, sugiriendo otro tipo de factores implicados.

  12. Avaliação da onda V da audiometria de tronco cerebral de crianças reprovadas na triagem auditiva neonatal Evaluation of the five wave from auditory brain response of children who not passed in neonatal screening

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Camargo Marques

    2003-12-01

    Full Text Available Já está bem estabelecido a importância do diagnóstico precoce das disacusias em neonatos. Muito se tem falado da triagem auditiva neonatal (TAN, mas pouco se comenta do encaminhamento e seguimento das crianças com emissão otoacústica (EOA alterada. A audiometria de tronco cerebral (ABR é a próxima etapa para o diagnóstico de disacusia nesta faixa etária. OBJETIVOS: Os objetivos deste trabalho são avaliar a adesão ao programa de TAN e avaliar as ABRs das crianças reprovadas na TAN, concentrando a análise nos limiares obtidos e na latência da onda V. TIPO DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Análise de 75 ABRs de crianças atendidas no serviço de EOA da Maternidade de Campinas. RESULTADOS: A maioria das crianças apresentou ABR com limiares e latências dentro dos valores normais. A alteração mais encontrada foi o aumento da latência da onda V, que pode ser decorrente da incompleta mielinização do sistema nervoso central, da presença de secreção em ouvido médio e de alterações retrococleares. CONCLUSÃO: Concluímos que o aumento da latência da onda V é a alteração mais freqüente nas ABRs; que muitos pacientes se perdem durante a execução do protocolo de triagem auditiva, retardando ou impossibilitando o diagnóstico correto e precoce e que a maior parte das crianças reprovadas nas otoemissões acústicas têm limiar eletrofisiológico auditivo normal.It is very well established the importance of early diagnostic of hearing loss. Everybody speaks about neonatal screening, but just a few people comment about the children who not passed on screening. The auditory brainstem response (ABR is the next step of the diagnostic. The aim of this paper is evaluate the ABRs from children who not passed on screening, looking for the threshold and the latency of the five wave. STUDY DESIGN: Clinical prospective. MATERIAL AND METHOD: 75 ABR were analyzed. RESULTS: A great number of exams was normal. The most

  13. Regressão da anestesia geral em pacientes com paralisia cerebral: estudo comparativo utilizando o índice bispectral Regresión de la anestesia general en pacientes con parálisis cerebral: estudio comparativo utilizando el índice bispectral Regression of general anesthesia in patients with cerebral palsy: a comparative study using the bispectral index

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verônica Vieira da Costa

    2006-10-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: É descrito que os pacientes com paralisia cerebral (PC são mais sensíveis aos agentes anestésicos que poderia comprometer o despertar da anestesia. O objetivo deste estudo foi avaliar a recuperação de pacientes com PC comparada com pacientes sem doença do SNC. MÉTODO: Participaram do estudo crianças de 5 a 15 anos, divididas em dois grupos: com diagnóstico de paralisia cerebral e sem doença do SNC. Todas foram submetidas à anestesia geral com sevoflurano associado a óxido nitroso e oxigênio a 50%. Além da monitorização habitualmente empregada, foram monitorizadas com o EEG-BIS. Durante o despertar da anestesia, a extubação traqueal e o pós-anestésico imediato, foi avaliada a regressão da anestesia segundo os critérios adotados por Saraiva. Avaliou-se também a velocidade de eliminação dos agentes anestésicos correlacionando-a com os valores de EEG-BIS e comparando os dois grupos de pacientes. A análise estatística foi realizada por meio da análise exploratória de dados e teste estatístico para comparação de médias, considerando como diferença estatística significativa o valor de p menor ou igual a 5%. RESULTADOS: Foram avaliados 56 pacientes, sendo 31 com PC e 25 sem doença do SNC. Os grupos foram homogêneos com relação à idade e ao sexo. O valor do EEG-BIS basal dos pacientes com PC foi menor do que o grupo-controle, com diferença estatística significativa (p = 0,04. Nos cinco primeiros minutos após a interrupção do sevoflurano, o valor do EEG-BIS dos pacientes com PC apresentou elevação mais lenta com relação ao controle. A velocidade de eliminação do agente anestésico foi semelhante nos dois grupos. Aos 15 minutos, 48% dos pacientes do grupo-controle estavam no estágio III de regressão anestésica, versus 29% do grupo com paralisia cerebral. Aos 30 minutos, 72% dos pacientes do grupo-controle estavam aptos para receber alta, no estágio IV de regressão anest

  14. ON the pathogenesis of headache following TIA A respeito da fisiopatologia da cefaléia pós-ataque isquêmico transitório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Charles André

    1997-06-01

    Full Text Available Twelve out of 49 patients with single or multiple transient ischemic attacks (TIAs had TIA-related headaches, mostly in close temporal relation to the ischemic onset. Headache predominated in patients taking vasodilators when TIA occurred or with orthostatic hypotension at the first clinical examination, but arterial hypertension or a personal history of migraine were not more frequent in patients with headache. The site of the pain did not correlate with the presumed territory of cerebral ischemia. Pain during TIA is conceivably due to an interaction between cerebral vessels and the surrounding nervous system. Blood vessels have a sturdy physiological role corcerning blood flow regulation, with receptors and signaling molecules potentialy involved with pain production. Reflex mechanisms should justify pain in other areas.Em uma série de 49 pacientes com episódios únicos ou múltiplos de ataque isquêmico transitório (AIT, 12 apresentaram cefaléia em estreita associação com as manifestações isquêmicas. Cefaléia foi mais freqüente em pacientes com hipotensão ortostática ao primeiro exame pós-TIA e naqueles em uso de vasodilatadores. Não foi detectada associação com hipotensão arterial ou com história pessoal ou familial de enxaqueca. A localização da dor teve pouca correlação com o território isquêmico, em pacientes com AIT vertebrobasilar ou carotídeo. A dor durante os AITs se deve provavelmente a interação entre vasos sangüíneos e sua inervação. Os vasos têm papel central no controle do fluxo sangüíneo cerebral. A gênese da dor é provavelmente ligada à estimulação de receptores e liberação de moléculas sinalizadoras da agressão isquêmica. Mecanismos reflexos parecem justificar a dor em territórios distantes à isquemia.

  15. Trimetazidina na injúria de isquemia e reperfusão em cirurgia de revascularização do miocárdio Trimetazidine on ischemic injury and reperfusion in coronary artery bypass grafting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerez Fernandes Martins

    2011-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A injúria de isquemia e reperfusão constitui um mecanismo fisiopatológico frequente e de difícil controle durante a Cirurgia de Revascularização do Miocárdio (CRVM com circulação extracorpórea, sendo o momento crítico o término da cirurgia, quando ocorre o desclampeamento da aorta e a liberação dos radicais hiperóxidos causadores da injúria. OBJETIVO: Avaliar, em estudo prospectivo, duplo-cego randomizado, controlado com placebo, os efeitos da Trimetazidina (Tmz sobre a injúria de isquemia e reperfusão miocárdica, identificando a variação dos marcadores plasmáticos de agressão miocárdica (troponina T e Cpk-Mb, e as alterações ecocardiográficas da função ventricular. MÉTODOS: Foram estudados 60 pacientes, divididos em dois grupos (Placebo e Tmz com, no máximo, disfunção ventricular leve, estratificados por ecocardiografia e recebendo medicação/placebo na dose - no pré-operatório sem medicação, 12 a 15 dias de medicação/placebo colhida cinco minutos após o desclampeamento aórtico, e nas 12, 24 e 48 horas seguintes. RESULTADOS: Tanto a troponina T como a CpK-Mb atingiram valores altamente significativos (p = 0,0001 no grupo tratado em relação ao grupo controle nos quatro momentos analisados − 5 min, 12 h, 24 h e 48 h. As variáveis ecocardiográficas não evidenciaram mudanças evolutivas em cada grupo isoladamente e quando comparados em conjunto. CONCLUSÃO: A trimetazidina mostrou-se eficaz na redução da injúria de isquemia e reperfusão, não interferiu na função ventricular esquerda, e não foram observados efeitos colaterais.BACKGROUND: The ischemia and reperfusion ischemia is a common physiopathological mechanisms, which has difficult control during Coronary Artery Bypass Grafting (CABG with cardiopulmonary bypass, the critical moment of which happening by the end of surgery, when there is declamping of aorta and release of hyperoxic radicals causing the injury. OBJECTIVE

  16. Isquemia aguda de miembros inferiores secundaria a ergortismo Acute ischemia of lower limbs secondary to ergotism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco J Vallejo

    2011-12-01

    Full Text Available Paciente de género femenino, de 21 años de edad, quien ingresó por dolor progresivo e intenso en miembros inferiores, y refirió antecedente reciente de ingestión de derivados del ergot. Al examen físico se observó ausencia de pulsos en ambos miembros inferiores. Por angiotomografia se documentó disminución severa, generalizada y bilateral, del calibre de los vasos arteriales de miembros inferiores. Se diagnosticó isquemia arterial aguda secundaria a ergotismo y se inició tratamiento con vasodilatadores y calcio-antagonistas, que resolvió los síntomas en su totalidad.21 years old female patient admitted for progressive and intense pain in lower limbs, that narrated a recent history of ergot ingestion. On physical examination there was absence of pulses in both lower limbs. Severe, generalized and bilateral decrease of caliber of arterial vessels of the lower limbs was documented by angiotomography. Acute arterial ischemia of lower limbs secondary to ergotism was diagnosed and treatment with vasodilators and calcium antagonists was initiated, resolving entirely the symptoms.

  17. Atividade elétrica cerebral do rato com lesões da formação reticular mesencefálica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1970-09-01

    Full Text Available No presente estudo foram utilizados 73 ratos em preparações agudas e crônicas, nas quais lesamos a formação reticular mesencefálica com corrente contínua (3,5 a 4,0 mA durante 5 a 10 segundos. O eletródio ativo era implantado estereotàxicamente segundo as coordenadas de König e Klippel. As lesões eram feitas parcial ou totalmente, uni ou bilateralmente, e em todos os animais procedeu-se ao controle histológico das áreas lesadas, usando-se o método de Weil. O registro da atividade elétrica cortical foi feito com polígrafo Beckman de 4 canais, utilizando-se derivações bipolares curtas (1mm com eletródios esféricos de platina. As experiências permitiram as seguintes conclusões: 1 — As características eletrofisiológicas dos fusos que ocorrem após lesões da formação reticular mesencefálica são muito semelhantes às dos fusos espontâneos e barbitúricos, inclusive quanto à projeção cortical. Quanto à duração dos potenciais que os constituem, contudo, notamos que a faixa de variação era mais centuada (20 a 80 ms, o que pode ser atribuído à maior complexidade dos potenciais do cérebro isolado, possivelmente pela falta de ação cronadora da formação reticular sobre o sistema sincronizador talâmico. 2 — Os mecanismos envolvidos na gênese dos fusos do sono barbitúrico ou espontâneo e os do cérebro isolado são, pelo menos em parte, dependentes do bloqueio da formação reticular mesencefálica. 3 — A formação reticular mesencefálica ativa preferencialmente o hemisfério cerebral homolateral; o contingente cruzado talvez seja mobilizado somente quando estímulos alertantes intensos atingem o tegmento mesencefálico. 4 — Além da formação reticular mesencefálica deve haver outros mecanismos ativadores corticais, visto que, em preparações agudas de cérebro isolado, observamos: a surtos de curta duração de atividade dessincronizada; b oscilações freqüentes do ECoG durante o registro

  18. Efeito do congelamento sobre a imunogenicidade da vacina contra a raiva produzida em tecido cerebral de camundongo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albas Avelino

    2001-01-01

    Full Text Available A resposta imune humoral induzida pela vacina contra a raiva produzida em cérebros de camundongos recém-nascidos foi estudada em 23 cães e o teste de soroneutralização em camundongos foi usado para avaliação dos níveis de anticorpos rábicos. Um grupo com 10 animais recebeu vacina conservada de 2 a 8°C e apresentou os seguintes resultados: após 30 dias da vacinação 6 (60% amostras responderam ao teste; após 180 dias 4 (40% e após 360 dias apenas 1 (10%. O outro grupo com 13 cães recebeu vacina previamente congelada e somente 2 (15,4% amostras no dia 30 apresentaram resposta satisfatória; os demais períodos (180 e 360 após a vacinação, não foi encontrado título. A análise estatística dos dados referentes a cada uma das variáveis consideradas no estudo foi efetuada segundo a técnica de análise de variância seguida por Tuckey e indicaram diferenças estatisticamente significativas entre os grupos.

  19. Isquemia miocárdica: conceptos básicos, diagnóstico e implicaciones clínicas. Primera parte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro R. Moreno

    2016-09-01

    Full Text Available La isquemia miocárdica es el conjunto de una serie de fenómenos fisiológicos que se manifiesta por condiciones clínicas como isquemia silente, angina estable y síndromes coronarios agudos. Diversos mecanismos de la regulación del flujo sanguíneo, la demanda miocárdica, la liberación de adenosina y la función del endotelio en las arterias coronarias son claves para mantener la irrigación miocárdica y han sido la base fisiológica para el desarrollo de pruebas de detección de isquemia como lo es el flujo de reserva fraccional, que hoy día hace parte de las recomendaciones de las guías.

  20. Isquemia miocárdica: conceptos básicos, diagnóstico e implicaciones clínicas. Primera parte

    OpenAIRE

    Pedro R. Moreno; Juan H. del Portillo

    2016-01-01

    La isquemia miocárdica es el conjunto de una serie de fenómenos fisiológicos que se manifiesta por condiciones clínicas como isquemia silente, angina estable y síndromes coronarios agudos. Diversos mecanismos de la regulación del flujo sanguíneo, la demanda miocárdica, la liberación de adenosina y la función del endotelio en las arterias coronarias son claves para mantener la irrigación miocárdica y han sido la base fisiológica para el desarrollo de pruebas de detección de isquemia como lo es...

  1. Efeitos do pentobarbital sódico sobre a atividade elétrica cerebral do rato com lesões da formação reticular mesencefálica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter C. Pereira

    1970-12-01

    Full Text Available Para êste estudo foram empregados 35 ratos da raça Wistar em preparação aguda (24 com lesão bilateral e 11 com lesão unilateral da formação reticular mesencefálica e 18 preparações crônicas. O método empregado na obtenção das preparações foi descrito em trabalho anterior12. O objetivo desta série de experiências foi o de verificar de que maneira o pentobarbital interfere sobre as características da atividade elétrica cortical após lesão da formação reticular mesencefálica. Para tal, em animais preparados agudamente, foram feitas lesões progressivamente mais extensas e o barbitúrico injetado por via intravenosa em doses crescentes. A fim de testar a integridade do sistema reticular ativador ascendente, além de estímulos dolorosos intensos, aplicávamos pulsos de 5 a 10 V, 100 Hz, e 0,1 ms à formação reticular mesencefálica situada abaixo da região lesada. A ausência de reação de alerta cortical (dessincronização nos assegurava que tal sistema havia sido lesado completamente. Nas preparações crônicas o pentobarbital era injetado por via intraperitoneal. Dessas experiências concluimos o seguinte: 1. Aumento da sincronização do eletrocorticograma nos animais com lesões parciais ou totais da formação reticular mesencefálica. 2. Depressão acentuada e precoce da atividade elétrica cerebral nos ratos com lesão muito extensa (comprometendo também a porção ventrobasal do tálamo. 3. Isocronismo da atividade elétrica cortical nos dois hemisférios cerebrais. 4. O pentobarbital parece agir tanto sobre os sistemas ativadores como sobre o sincronizador do eletrocorticograma. As doses pequenas deprimem os primeiros, liberando o segundo, enquanto que as maiores bloqueiam também este último. Sòmente doses muito mais altas é que fazem desaparecer totalmente a atividade do córtex cerebral, que se mostra, portanto, mais resistente à ação da droga.

  2. Máquinas e argumentos: das tecnologias de suporte da vida à definição de morte cerebral Machines and arguments: from life support technologies to the definition of brain death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Kind

    2009-03-01

    Full Text Available Analisa a produção acadêmica sobre o debate em torno da definição da morte cerebral concentrado na década de 1960 e publicado em periódicos médicos de destaque internacional. Enfatiza que tecnologias de suporte de vida desenvolvidas ao longo do século XX e incorporadas na cena médica provocaram intenso debate em busca de legitimidade para novos procedimentos, como os transplantes de órgãos. Com suas práticas modificadas, a ciência médica pôs-se a inventar novos conhecimentos a esse respeito. As discussões sobre a definição de morte cerebral acabaram por transformá-la numa caixa-preta, que viria a ser desmontada pelos estudos antropológicos sobre o assunto desenvolvidos a partir dos anos 80. Este trabalho, por meio de suas análises, também se compromete com a desconstrução da morte cerebral como caixa-preta.The article analyzes academic production about the debate surrounding the definition of brain death, based on bibliographic and documental research of international medical periodicals in the 1960s. The development and adoption of life support technologies during the twentieth century sparked a heated debate that sought to legitimize new procedures like organ transplants. As its practices changed, medical science set about inventing new knowledge about these practices. Discussions as to the definition of brain death turned it into a 'black box', dismantled by anthropological studies into the topic starting in 1980s. The present article explores the deconstruction of brain death as a black box.

  3. As variações da forma do sifão carotídeo na arteriografia cerebral: estudo sobre 120 casos não tumorais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Mattos Pimenta

    1954-06-01

    Full Text Available O estudo de 120 arteriogramas de pacientes em que foi comprovada a inexistência de lesão que ocupa espaço intracraniano, permitiu o reconhecimento de várias formas de sifão carotídeo normal. Foi assim possível fazer uma classificação anatômica dos vários tipos e concluir que a forma do sifão não permite, sozinha, fazer o diagnóstico topográfico de tumores intracranianos. É importante reconhecer exatamente os limites do sifão, a fim de localizar, precisamente, os aneurismas da carótida interna. Do exposto podemos tirar duas ordens de conclusões: 1 Conclusões anatômicas - O sifão carotídeo normal não apresenta grande número de variações de forma, podendo ser reconhecidos dois tipos básicos: angulados e arredondados. Os primeiros subdividem-se em angulados com ramos oblíquos (ângulo agudo ou ângulo obtuso e angulados com um ramo horizontal (superior ou inferior. Os segundos (arredondados dividem-se em três subtipos: semi-elíptico, em alça (horizontal ou oblíquo e em S (superior, inferior ou duplo. Nos grupos e subgrupos cada segmento do sifão pode apresentar variação no comprimento e espessura, como é evidente à observação dos esquemas. 2 Conclusões neurocirúrgicas - A existência de grande número de formas consideradas como normais de sifão carotídeo leva à conclusão de que não é possível basear o diagnóstico de tumor, ou melhor, de lesão que ocupa espaço intracraniano, exclusivamente pela imagem arteriográfica do sifão. As variações fisiológicas do sifão, somadas às das artérias do grupo silviano e da cerebral anterior, trazem dificuldades diagnosticas que obrigam o neurocirurgião a procurar o maior número de indícios para fazer a interpretação correta do exame. Assim sendo, na rotina neurocirúrgica é aconselhável que os arteriogramas sejam feitos pelo menos em duas posições: perfil e ântero-posterior. E' importante reconhecer bem os limites do sifão para se estabelecer

  4. Distribuição da pressão plantar e morfologia do pé de crianças com paralisia cerebral e crianças com desenvolvimento típico

    OpenAIRE

    Righi, Natiele Camponogara; Martins, Fabiane Kurtz; Souza, Juliana Alves; Trevisan, Claudia Morais

    2017-01-01

    RESUMO A paralisia cerebral (PC) é caracterizada por desordens de movimento e postura, que causam limitações na execução de atividades facilmente desempenhadas por crianças com desenvolvimento típico (DT). Este estudo objetivou comparar a distribuição da pressão plantar e a morfologia do pé entre crianças com PC e DT, utilizando uma pesquisa analítica observacional transversal do tipo comparativa, com 32 crianças entre 6 e 11 anos, pareadas por sexo e idade e distribuídas em grupo estudo (GE)...

  5. Cerebral vasculitis

    International Nuclear Information System (INIS)

    Greenan, T.J.; Grossman, R.I.

    1990-01-01

    This paper reviews retrospectively MR, CT, and angiographic findings in patients with cerebral vasculitis in order to understand the strengths and weaknesses of the various imaging modalities, as well as the spectrum of imaging abnormalities in this disease entity. Studies were retrospectively reviewed in 12 patients with cerebral vasculitis proved by means of angiography and/or brain biopsy

  6. Avaliação da flexibilidade pelo método do Flexômetro de Wells em crianças com Paralisia Cerebral submetidas a tratamento hidroterapêutico: estudo de casos = Flexibility evaluation by the method of Wells’ Flexometer in children with Cerebral Palsy submitted to hydrotherapy treatment: study of the cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente De Paula Antunes Teixeira

    2010-07-01

    Full Text Available Avaliar a flexibilidade da cadeia muscular posterior, utilizando o método proposto por Wells e Dillon, antes e após cada sessão de hidroterapia. Foi verificada a flexibilidade de três crianças com Paralisia Cerebral (PC diparéticas, com idades entre sete a dez anos. Os valores de flexibilidade foram aferidos, utilizando o Flexômetro de Wells. Houve aumento significativo da flexibilidade da cadeia muscular posterior dos pacientes após cada sessão de hidroterapia, tanto na avaliação em grupo quanto individual, assim como antes da primeira sessão de hidroterapia quando comparada com a última. O estudo sugere que a hidroterapia promove melhora da flexibilidade em relação à cadeia muscular posterior de crianças com PC diparéticas, pelo relaxamento global e consequente diminuição dotônus muscular, quando associada a exercícios de alongamentos passivos. To evaluate the flexibility of the posterior muscle chain using the method proposed by Wells and Dillon, before and after each hydrotherapy session. The study verified the flexibility of three children with diplegic cerebral palsy (CP, aged 7 to 10. The values of flexibility were measured using the Wells’ Flexometer. There was a significant increase in the flexibility of posterior muscle chain of the patients after each session of hydrotherapy, both in the individual evaluation and in the group, as well as before the first session of hydrotherapy compared to the last. The study suggests that hydrotherapy promotes the improvement of flexibility, by relaxation of muscle tone of children with diplegic CP, in relation to the posterior muscle chain, when combined with passive stretching exercises.

  7. Edema cerebral: aportaciones de la investigación básica al manejo clínico

    OpenAIRE

    Karina Tuz; Herminia Pasantes Morales

    2004-01-01

    El edema cerebral es una complicación clínica severa, asociada a numerosas patologías y es causa frecuente de muerte. Puede ser vasogénico o celular, aunque generalmente ambos tipos de edema coexisten. El edema celular afecta de manera predominante a los astrocitos y ocurre en condiciones hiposmóticas (hiponatremia) o isosmóticas (traumatismo craneoencefálico, isquemia, epilepsias, encefalopatía hepática). En el edema hiposmótico las células del cerebro tienen la capacidad de recu...

  8. Eventos catastróficos associados ao tratamento da comunicação interatrial tipo ostium secundum: razões para não se subestimar este tipo de cardiopatia congênita Catastrophic events associated to the surgical treatment of ostium secundum atrial septal defects: reasons for not underestimating this type of congenital cardiopathy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto B. Evora

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente trabalho clínico foi motivado pela frustrante experiência de quatro pacientes operados para o tratamento cirúrgico da comunicação interatrial tipo ostium secundum (CIA-II, que vieram a falecer em condições extremamente dramáticas. MÉTODO: Estudo retrospectivo embasado em dados de prontuários. As pesquisas bibliográficas incluíram: tromboembolismo paradoxal (cerebral, pulmonar ou mesentérico, malformações vasculares do sistema nervoso central e conexões anômalas das veias cavas. Estas pesquisas da literatura foram embasadas em possíveis eventos, inesperados e catastróficos, que levaram quatro pacientes ao óbito. RESULTADOS: Os quatros pacientes, todos do sexo feminino, foram submetidos a atriosseptorrafia com tempo de parada cardíaca isquêmica inferior a 20 minutos, em circulação extracorpórea. As causas de óbito foram: isquemia intestinal não-oclusiva, ruptura de aneurisma cerebral de artéria comunicante anterior, cor pulmonale com hipertensão arterial e tromboembolismo e um provável tromboembolismo cerebral em uma criança que precisou ser reoperada pela drenagem da veia cava inferior em átrio esquerdo. CONCLUSÃO: A lição final deste trabalho é: "Não subestime a comunicação interatrial em cirurgia cardíaca!".OBJECTIVE: The present article was motivated by the frustrating experiences with four patients who underwent surgical treatment of ostium secundum atrial septal defect (ASD-II and who died in extremely dramatic circumstances. METHOD: This is a retrospective study based on clinical data. The bibliographical researche included: paradoxical thromboembolism (cerebral, lung or mesenteric, central nervous system vascular malformations and anomalous vena cava connections. This research was based on possible events, unexpected and catastrophic, that could have directly caused the patients' deaths. RESULTS: All patients were female, the operations were performed under cardiopulmonary

  9. L-Alanyl-Glutamine dipeptide pretreatment attenuates ischemia-reperfusion injury in rat testis Pré-tratamento com o dipeptídeo L-Alanil-glutamina atenua a lesão por isquemia e reperfusão no testículo do rato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Paulo de Vasconcelos Leitão

    2011-01-01

    -Ala-Gln 20%, 0,75g/kg dissolvida em solução salina (volume total de 2,0 ml, administrada na veia safena 30 minutos antes da isquemia. Ratos anestesiados foram submetidos à torção (720° do cordão espermático direito durante 1h (G-1, G-2 ou 3 horas (G-3, G4 para indução da I/R. A anestesia foi reaplicada no final do tempo de isquemia (T-0 para destorção do testículo e 6 horas depois (T-6 para orquiectomia. Todas as operações foram realizadas nos testículos direitos através de incisões escrotais. Orquiectomia direita foi realizada no final de isquemia (T-0, e seis horas depois (T-6 para avaliar as concentrações de malondialdeído (MDA e glutationa reduzida (GSH no testículo. RESULTADOS: O pré-tratamento com L-Ala-Gln reduziu os níveis de MDA no testículo de ratos no final da isquemia (3 horas. Entretanto os níveis de GSH aumentaram significativamente no T-6 após 1 hora de isquemia e também no T-0 e T-6 em ratos submetidos à isquemia por 3 horas. CONCLUSÃO: L-Ala-Gln administrada antes da torção/destorção do cordão espermático diminui a peroxidação lipídica na isquemia e protege o testículo contra o estresse oxidativo, promovendo aumento dos níveis de GSH durante a reperfusão.

  10. A comunicação suplementar e alternativa na construção da linguagem de crianças com paralisia cerebral: análise de uma proposta de intervenção

    OpenAIRE

    Germana Maria Gomes Carvalheira

    2007-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo principal identificar o benefício do uso da comunicação alternativa como recurso facilitador para a construção da linguagem em crianças com paralisia cerebral. Os objetivos específicos foram os de descrever os meios comunicativos mais usados pela criança; identificar o perfil comunicativo funções comunicativas, utilizadas pela criança em situação de interação com a mãe, para acompanhar evolução no uso de um sistema alternativo de comunicação e o de a...

  11. Isquemia miocárdica: conceptos básicos, diagnóstico e implicaciones clínicas. Segunda parte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro R. Moreno

    2016-11-01

    Full Text Available La isquemia miocárdica puede ser irreversible o reversible dependiendo de diferentes factores moleculares y fisiológicos. En la isquemia miocárdica irreversible se presentan tres tipos de muerte celular a nivel miocárdico: la necrosis, la apoptosis y la autofagia; mientras en la isquemia reversible la restauración de la función de los miocitos está determinada por factores como el restablecimiento temprano del flujo sanguíneo coronario y fenómenos de pre y posacondicionamiento isquémico. Conceptos como el miocardio aturdido (disfunción mecánica temporal luego de una lesión isquémica pero con flujo sanguíneo normal en ausencia de cualquier lesión irreversible y el miocardio hibernante (región miocárdica viable, sin contractilidad son formas quiescentes de la función cardiaca y explican un poco la capacidad del miocardio de restablecer su funcionamiento normal luego de un episodio de isquemia.

  12. Aspectos da proteção cerebral em pacientes submetidos a tromboendarterectomia pulmonar com hipotermia profunda e parada circulatória intermitente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    HUEB Alexandre C.

    2000-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A tromboendarterectomia pulmonar é utilizada como método bem estabelecido para aliviar a hipertensão pulmonar nos casos de tromboembolismo pulmonar crônico. A dificuldade que se apresenta é conciliar o tempo relativamente exíguo de parada circulatória total (PCT hipotérmica com a completa desobstrução das artérias pulmonares, sob pena de danos neurológicos. CASUÍSTICA E MÉTODOS: No período de março de 1998 a abril de 1999 (13 meses, 8 pacientes, 5 do sexo masculino, 1 de cor negra, com idade variando entre 25 a 56 anos (média 46,2 anos e com diagnóstico angiográfico de tromboembolismo pulmonar, foram submetidos a tromboendarterectomia pulmonar uni ou bilateral por tromboembolismo pulmonar crônico (TEP. Instalado o circuito extracorpóreo e incisada a artéria pulmonar, procede-se à PCT e, aproximadamente a cada 20 minutos de procedimento, intermitentemente, o fluxo da circulação extracorpórea (CEC é restabelecido a 14º C por um período de 15 minutos objetivando-se a reperfusão cerebral e corpórea. Sucessivas paradas circulatórias total são realizadas e tantas quanto forem necessárias até a remoção de todos os trombos da artéria pulmonar. RESULTADOS: Não foram registrados óbitos no transoperatório. Um paciente faleceu no 30º dia de pós-operatório (PO devido a broncopneumonia que evoluiu para sepse. Os 8 pacientes foram submetidos a CEC e PCT hipotérmica, sendo que em 5 (62,5% foram necessárias 4 PCT e em 3 (37,5% apenas 3 PCT, com média de 3,6 PCT. O tempo total de CEC variou de 210 a 255 minutos, com média de 225 minutos. O tempo de PCT hipotérmica variou de 58 a 88 minutos, com média de 76,7 minutos e o período de PCT por paciente variou de 18 a 24 minutos, com média de 20,5 minutos. Em todos os pacientes foram realizadas tomografias de crânio, que não revelaram nenhuma alteração anatômica, assim como o exame físico não revelou déficit motor ou rebaixamento do sens

  13. Efeitos do alfa-tocoferol nas lesões de isquemia-reperfusão induzidas em pata direita de ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bitu-Moreno José

    2001-01-01

    Full Text Available Recentes estudos demonstraram que os radicais livres de oxigênio parecem desempenhar papel importante nas lesões de isquemia-reperfusão. O alfa-tocoferol(AT age in vivo como um anti-oxidante. Nosso objetivo foi o de verificar se o AT atenuava as lesões de isquemia-reperfusão em pata direita de ratos. Os animais, randomizados, foram divididos nos seguintes grupos(G: G1-controle sem isquemia; G2 e G3 - quatro horas isquemia e duas reperfusão. Os animais do G2 foram tratados com salina e os do G3 com AT, 50mg/kg. Como parâmetros examinamos as alterações de volume e circunferência do pé direito ao longo do experimento, assim como a captação de 99mTc-pirofosfato e a microscopia eletrônica de transmissão do músculo soleus direito. Os aumentos de volume e circunferência do pé dos animais do G2 foram estatisticamente maiores quando comparados com o G1. As medidas do G3 não diferiram do G1. A captação de 99mTc-pirofosfato foi bem aumentada nos G2 e G3, quando comparados ao G1, porém sem diferenças entre os grupos isquêmicos. As lesões ao MET foram menos intensas em três animais do G3, quando comparados ao G2. Conclusão: O tratamento com AT diminuiu a formação do edema mas só protegeu parcialmente as células musculares contra as lesões de isquemia-reperfusão.

  14. A influência do método de musicoterapia de John Bean e da musicoterapia em geral na representação espacial do corpo de pessoas com paralisia cerebral (2004 -2010 The influence of John Bean's music therapy method and of music therapy in general in body spatial representation in people with cerebral palsy (2004-2010

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jose M.ª Fernández Batanero

    2010-12-01

    Full Text Available Acreditar no princípio da normalização, pressupõem acreditar que todas as pessoas merecem uma sociedade que atenda aos direitos humanos. Uma sociedade que vá ao encontro das características e das particularidades de cada pessoa, atendendo de modo diferenciado às necessidades dos seus elementos, sejam eles ditos "normais", ou com problemáticas. Assim, este artigo, tendo por base um método de investigação quantitativo/qualitativo, aborda a influência do método de musicoterapia de John Bean e da musicoterapia em geral na representação espacial do corpo de pessoas com paralisia cerebral.Believing in the principle of normalization implies believing that all people deserve a society that defends human rights. A society that respects each person's characteristics and particularities, must respond differently to the needs of its constituents, whether or not they are "normal" or have problems. Thus, this article, based on a quantitative/qualitative research approach, discusses the influence of John Bean's music therapy method and of music therapy in general on the spatial representation of the body in people with cerebral palsy.

  15. Tratamento da luxação paralítica do quadril na paralisia cerebral tetraparética espástica com osteotomia do fêmur e do ilíaco sem abertura da cápsula articular (capsuloplastia Hip dislocation treatment in cerebral palsy patients with spastic quadriplegia with femoral and pelvic osteotomies, without opening of the joint capsule (capsuloplasty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Farcetta Junior

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Mostrar o planejamento pré-operatório, e os resultados do tratamento cirúrgico da luxação paralítica do quadril em pacientes com paralisia cerebral. A técnica utilizada foi a osteotomia derrotatória e varizante do fêmur proximal, associada à osteotomia do ilíaco tipo Dega, sem abertura da cápsula articular. MÉTODOS: Realizamos um estudo retrospectivo de 10 quadris em oito pacientes com paralisia cerebral tipo tetraparesia espástico, submetidos a tratamento cirúrgico entre 2003 e 2005 com a mesma técnica cirúrgica. Foram avaliados parâmetros clínicos e radiográficos pré e pós-operatórios, bem como o planejamento pré-operatório com uso do intensificador de imagem. Os parâmetros clínicos analisados foram: dor, dificuldade de higiene e dificuldade de posicionamento. Os parâmetros radiológicos foram os índices de Reimers, índice acetabular e ângulo cervicodiafisário. Estes resultados foram submetidos a análise estatística. RESULTADOS: Obtivemos bons resultados com esta técnica. Com um seguimento médio de três anos, todos os quadris estavam reduzidos na última consulta, com alto grau de satisfação dos familiares, em relação ao tratamento. Além disso, mostramos que o planejamento pré-operatório com uso do intensificador de imagem nos permite a redução e estabilização desses quadris sem a necessidade de capsuloplastia. CONCLUSÃO: Os autores concluíram que no tratamento da luxação do quadril dos pacientes com paralisia cerebral tetraparéticos espásticos com o planejamento pré-operatório, não é necessária a capsuloplastia para estabilização da articulação coxofemoral.OBJECTIVES: To show the preoperative planning and the results of surgical treatment for paralytic hip dislocation in children with cerebral palsy. The techniques used were proximal femoral varus derotation osteotomy and Dega osteotomy without opening of the joint capsule. METHODS: We performed a retrospective review of

  16. Efeito protetor de antagonista das gliproteínas IIb/IIa nas alterações hepáticas e pulmonares secundárias à isquemia e reperfusão do fígado em ratos Protective effects of an inhibitor of glycoprotein IIb/IIIa in the hepatic and pulmonary disturbances secondary to ischemia and reperfusion injury of rat’s liver

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo F. Canedo

    2007-09-01

    Full Text Available RACIONAL: A lesão de isquemia e reperfusão hepática é um evento comum e responsável por considerável morbidade e mortalidade. OBJETIVO: Avaliar efeitos de inibidor da glicoproteína IIb/IIIa, cloridrato de tirofiban, nas alterações hepáticas e pulmonares da lesão de isquemia e reperfusão de fígado de ratos. MÉTODO: Vinte e três ratos Wistar divididos em três grupos: laparotomia (n = 6, isquemia e reperfusão que receberam solução fisiológica (n = 8, e submetidos a isquemia e reperfusão e tratados com o cloridrato de tirofiban (n = 9. Foram realizadas dosagens das aminotransferases e análise histológica hepática. Avaliação pulmonar foi realizada pelo teste do azul de Evans e pela dosagem tecidual da mieloperoxidase no parênquima pulmonar. A oxidação e fosforilação mitocondrial das células hepáticas também foram avaliadas. RESULTADOS: O grupo tratado com cloridrato de tirofiban apresentou menores níveis de aminotransferases, assim como alterações histológicas menos intensas. Avaliação pulmonar demonstrou diminuição no teste de azul de Evans no grupo tratado com cloridrato de tirofiban. Grupo tratado com cloridrato de tirofiban apresentou aumento significativo do estado 3 da respiração mitocondrial e das relações adenosina difosfato utilizado para fosforilação sobre o oxigênio consumido na reação e de coeficiente respiratório. CONCLUSÕES: O uso do cloridrato de tirofiban exerceu papel protetor da lesão hepática de isquemia e reperfusão e impediu o aumento da permeabilidade vascular secundária à lesão de reperfusão hepática.BACKGROUND Hepatic ischemia-reperfusion injury is responsible for a considerable morbidity and mortality. Aim - To evaluate the effect of a platelet glycoprotein IIb/IIIa receptor inhibitor (tirofiban on hepatic and pulmonary disturbances associated with hepatic ischemia-reperfusion injury. METHODS: Twenty-three Wistar rats divided in three groups: rats sham-operated (n

  17. Cerebral Paragonimiasis.

    Science.gov (United States)

    Miyazaki, I

    1975-01-01

    The first case of cerebral paragonimiasis was reported by Otani in Japan in 1887. This was nine years after Kerbert's discovery of the fluke in the lungs of Bengal tigers and seven years after a human pulmonary infection by the fluke was demonstrated by Baelz and Manson. The first case was a 26-year-old man who had been suffering from cough and hemosputum for one year. The patient developed convulsive seizures with subsequent coma and died. The postmortem examination showed cystic lesions in the right frontal and occipital lobes. An adult fluke was found in the occipital lesion and another was seen in a gross specimen of normal brain tissue around the affected occipital lobe. Two years after Otani's discovery, at autopsy a 29-year-old man with a history of Jacksonian seizure was reported as having cerebral paragonimiasis. Some time later, however, it was confirmed that the case was actually cerebral schistosomiasis japonica. Subsequently, cases of cerebral paragonimiasis were reported. However, the majority of these cases were not confirmed histologically. It was pointed out that some of these early cases were probably not Paragonimus infection. After World War II, reviews as well as case reports were published. Recently, investigations have been reported from Korea, with a clinicla study on 62 cases of cerebral paragonimiasis seen at the Neurology Department of the National Medical Center, Seoul, between 1958 and 1964. In 1971 Higashi described a statistical study on 105 cases of cerebral paragonimiasis that had been treated surgically in Japan.

  18. Biomarcadores cardíacos na avaliação da síndrome coronariana aguda = Cardiac biomarkers for assessment of acute coronary syndrome

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva, Sandra Huber da

    2011-01-01

    Conclusões: vários marcadores têm apresentado eficácia na detecção da necrose, isquemia, inflamação, desestabilização da placa e disfunção cardíaca. No entanto, as troponinas cardíacas continuam sendo consideradas o padrão ouro para o diagnóstico do infarto agudo do miocárdio

  19. Assimetria cerebral e lateralização da linguagem: déficits nucleares na esquizofrenia como indicadores da predisposição genética Asimetría cerebral y lateralización del lenguaje: déficits nucleares en la esquizofrenia como indicadores de predisposición genética Cerebral asymmetry and the lateralization of language: core deficits in schizophrenia as pointers to the genetic predisposition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Timothy J. Crow

    2004-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Assimetria cerebral (o torque do frontal direito em relação ao occipital esquerdo é a característica definidora do cérebro humano e, conforme proposto por Broca, o correlato neural putativo da linguagem. Se, conforme sugerido, a esquizofrenia é o preço que Homo sapiens precisa pagar pela linguagem, o torque, juntamente com seus correlatos funcionais, é de fundamental importância. São revisadas recentes evidências obtidas a partir de estudos anatômicos, funcionais e genéticos. ACHADOS RECENTES: Estudos de imagem, post mortem e anatômicos demonstram evidências de uma redução ou reversão de aspectos de assimetria, particularmente no córtex de associação occipitotemporoparietal. Em alguns estudos, há interação com o sexo. Há evidências de que uma alteração no lobo temporal esquerdo é, às vezes, progressiva. Estudos funcionais acrescentam credibilidade ao conceito de que a lateralização da linguagem é reduzida e, em alguns casos, revertida. RESUMO: A dimensão da assimetria se destaca como a variável que pode dar significância às observações entre campos de investigação e que proporciona uma solução para a base genética da psicose. Estudos de gêmeos monozigóticos discordantes têm apresentado fortes indicações de que a variação relevante é epigenética; isso é consistente com a possibilidade de que a variação seja relacionada a alterações estruturais recentes (a transposição duplicativa Xq21.3/Yp dos cromossomos sexuais.OBJETIVO: Asimetría cerebral (el torque del frontal derecho al occipital izquierdo es la característica definidora del cerebro humano y, conforme al propuesto por Broca, el correlato neuronal putativo del lenguaje. Si, conforme a lo sugerido, la esquizofrenia es el precio que el Homo sapiens debe pagar por el lenguaje, el torque, juntamente con sus correlatos funcionales, es de importancia fundamental. Se revisan recientes evidencias obtenidas a partir de estudios

  20. Análise da consistência alimentar e tempo de deglutição em crianças com paralisia cerebral tetraplégica espástica Analysis of alimentary consistency and deglutition time in children with spastic quadriplegic cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela Pacheco Vivone

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar a consistência alimentar e o tempo de deglutição em crianças que apresentam Paralisia Cerebral Tetraplégica Espástica. MÉTODOS: foram avaliadas 30 crianças entre 0 e 12 anos, com Paralisia Cerebral do tipo tetraplegia espástica, em acompanhamento fonoaudiológico, sendo utilizado um protocolo de avaliação nos padrões de deglutição. RESULTADOS: os dados coletados mostraram a fase oral ineficiente ou ausente em 27crianças (90% e a fase faríngea com anormalidades ou inadequações em 21 crianças (70%. Mais da metade das crianças avaliadas apresentaram disfunção motora oral (DMO entre moderada e grave. Em relação à consistência do alimento e os tempos de deglutição, as crianças com Função Motora Oral profundamente comprometida levam 14,2 vezes mais tempo para deglutir alimentos líquidos e 6,4 vezes mais para o alimento pastoso. CONCLUSÃO: diante do estudo realizado, é possível concluir que a maior dificuldade da criança que apresenta paralisia cerebral é a fase oral da deglutição e quanto maior a disfunção motora oral, maior o tempo gasto para deglutir os alimentos nas três consistências pesquisadas. As relações entre DMO e tempo de deglutição estão diretamente relacionadas.PURPOSE: to evaluate the alimentary consistency and the deglutition time in children with Cerebral Palsy. METHODS: 30 children between 0 and 12 years, with Cerebral Paralysis of the quadriplegic spastic type been evaluated, that were under speech pathology follow-up. RESULTS: the collected data showed that the verbal phase demonstrated to be inefficient or absent in the majority of the children, as well as in the pharyngeal phase of deglutition. More of the half of the evaluated children have shown between moderate to acute verbal motor dysfunction. In relation to the consistency of food and deglutition times, the children with deeply compromised OMF (Oral Motor Function took more 14.2 times to swallow liquid foods

  1. Variáveis espaço-temporais da marcha de crianças com paralisia cerebral submetidas a eletroestimulação no músculo tibial anterior Spatio-temporal gait variables of children with cerebral palsy undergoing electrostimulation in the anterior tibial muscle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BP Jerônimo

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo descrever variáveis espaço-temporais da marcha de crianças de 4 a 5 anos de idade com paralisia cerebral (PC do tipo hemiplegia espástica, antes e após sessões de eletroestimulação do músculo tibial anterior do dimídio plégico. METODOLOGIA: Cinco crianças foram submetidas à eletroestimulação durante 12 sessões (três vezes na semana. Para a coleta dos dados biomecânicos, foi realizada análise da marcha através do sistema Peak Motus versão 7.0 com duas câmeras de vídeo SVHS com taxa de aquisição de 60 Hz. Para reconstrução tridimensional dos movimentos, foi utilizado o método Direct Linear Trasformation (DLT. RESULTADOS: Após a intervenção, todas as crianças apresentaram diferenças menores entre o comprimento dos passos do dimídio plégico e não-plégico (p= 0,009. Observou-se o aumento no comprimento do ciclo em quatro crianças. Duas crianças tiveram aumento da cadência, velocidade e tempo de apoio simples do dimídio plégico. CONCLUSÕES: Foi verificada a melhoria da simetria da marcha relacionada ao comprimento do passo antes e após a intervenção, embora o aumento nas variáveis espaço-temporais não tenha ocorrido da mesma maneira para todas as crianças. Apesar das dificuldades em se obterem amostras maiores e mais homogêneas em estudos desse tipo, os dados sugerem a necessidade de identificação e maior controle das variáveis intervenientes no tratamento e na marcha de crianças portadoras de paralisia cerebral.OBJECTIVE: This study had the objective of describing spatiotemporal gait variables of four to five-year-old children with spastic hemiplegic cerebral palsy, before and after sessions of electrostimulation of the anterior tibial muscle on the paralyzed side. METHOD: Five children underwent 12 sessions of electrostimulation (three times a week. To collect biomechanical data, the gait was analyzed using the Peak Motus system, version 7.0, with two S

  2. ESTUDO DA PREVALÊNCIA DE BRUXISMO E AVALIAÇÃO DE SAÚDE BUCAL EM PACIENTES COM PARALISIA CEREBRAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristhiane Oívia Ferreira do Amaral

    2010-06-01

    Full Text Available Cerebral palsy is the result of an injury or poor brain development, not progressive in nature, existing since childhood. The lesion that affects the brain, where it is still immature, interferes with normal motor development of children, resulting mainly in a delay or an arrest of development and injury caused often by lack of oxygen to brain cells. The aim of this study was to investigate the bruxism prevalence and to evaluate the oral health of patients with cerebral palsy who attend the clinic patients with special needs, School of Dentistry at Unoeste. Through history and physical examination bucco-dental, we observed the characteristics of the stomatognathic system of dental patients. The sample consisted of 27 patients with cerebral palsy. The methodology used in the study using data collected by clinical examination and recorded on standardized charts in systematized form, after the expiry of consent has been signed by their guardians. The results were: the use of anticonvulsant medication in 81.5% of the patients, 66.6% of patients have had seizures and are controlled, the badly occlusion is present in 88.8% of the patients, dental fractures were observed in 33.3%, gingival hyperplasia in 66.6%, enamel hypoplasia in 29.6% and bruxism in 74.7% of the patients. Through the data obtained we concluded that efforts should be made to enable health professionals to care for patients with cerebral palsy.

  3. Efeitos da estimulação vibro-acústica na velocidade do sangue da artéria cerebral média e na freqüência cardíaca fetal: 1. entre a 35ª e 41ª semanas de gestação The effect of vibratory acoustic stimulation on fetal middle cerebral artery impedance and instantaneous fetal heart rate: 1. a transversal study on fetuses with 35 to 41 weeks of gestational age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivo Behle

    1999-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivos: estudar, em fetos hígidos, quais são as respostas da freqüência cardíaca fetal basal e da resistência na artéria cerebral média à estimulação vibro-acústica padronizada. Métodos: em estado comportamental de hipo ou de inatividade fetal (apnéia e ausência de movimentos corpóreos, mediu-se o índice de pulsatilidade (IP da artéria cerebral média (ACM, bem como calculou-se a freqüência cardíaca fetal basal (FCFB pela análise da onda espectral, antes e após a aplicação de estímulo vibro-acústico (EVA por 3 segundos. Foram empregados ecógrafos de alta resolução, com Doppler pulsado e mapeamento a cores. A fonte sonora emitia som com 400 a 40.000 Hz, sob forma de varredura, com pressão sonora de 65 a 110 dB. Resultados: a média da FCFB pré-estímulo foi 139 bpm, com desvio padrão de 3,14 bpm. A média da FCFB pós-estímulo foi 153 bpm, com desvio padrão de 7,23 bpm (pSUMMARY Purpose: to examine the response of the fetal heart rate (FHR and middle cerebral artery resistance (MCA PI to vibratory stimulation (VAS in normal human fetuses. Methods: when the fetuses were without activity (in apnea and without corporal movements, we obtained baseline measurements of MCA PI and FHR before and after the application of a 3-sec vibratory acoustic stimulus. Real time ultrasonography with pulsed wave and color Doppler imaging was used for the execution of the study. The VAS was performed using a bicycle horn with 400 to 4000 Hz and sound pressure was 65 to 110 dB. Results: the FHR before VAS was 139 ± 3.14 bpm and after VAS was 153 ± 7.23 bpm (p<0.0001. The MCA PI rate before VAS was 1.84 ± 0.07 and after VAS was 1.56 ± 0.04 (p<0.001. In all cases we observed a fetal response with vigorous corporal movements, FHR rise and MCA PI reduction after VAS. Conclusions: we conclude that VAS, in human fetuses near term, for 3 sec as described in this study, determines some response, with increase in FHR and corporal

  4. A gênese cerebral da imagem corporal: algumas considerações sobre o fenômeno dos membros fantasmas em Ramachandran The cerebral genesis of body image: some considerations about phantom-limbs in Ramachandran

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Gomes da Silva

    2013-01-01

    Full Text Available Os distúrbios da imagem do corpo, na forma conferida pelo fenômeno dos "membros fantasmas", tomaram grande parte dos estudos do neurologista indiano V. S. Ramachandran. Seu trabalho, por meio de testes psicofísicos e estudos de imagem funcional em pacientes com "membros fantasmas", demonstrou aquilo que ele denominou "plasticidade neural" ou "plasticidade cortical" em cérebros humanos adultos. Este artigo tem por objetivo analisar criticamente a construção da imagem do corpo, da interioridade e do self a partir das principais teses neurológicas de Ramachandran sobre o fenômeno dos "membros fantasmas". Defende-se a ideia de que, apesar de o autor apresentar novas modalidades de descrições subjetivas e narrativas da mente, a experiência subjetiva e a construção da imagem corporal também devem ser explicadas em termos da relação corpo-ambiente ou corpo-mundo, na qual se destaca o papel da linguagem e das narrativas de si.The body image problems, as provided by "phantom limbs", took most studies of Indian neurologist V. S. Ramachandran. His work, through psychophysical tests and functional imaging studies in patients with "phantom limbs", demonstrated the "neural plasticity" or "cortical plasticity" in the adult human brain. This paper aims to examine the construction of body image, the inner life and the "self" from the Ramachandran neurological approaches on the phenomenon of "phantom limbs." We supports the idea that although the author presents new subjective and narrative descriptions of mind, the subjective experience and the construction of body image should also be explained in terms of the body-environment or body-world relationship, in which the role language and self-narratives stand out.

  5. Tratamiento de la isquemia crítica de miembros inferiores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samir Jozami

    2010-01-01

    Full Text Available RESUMENIntroducciónLa isquemia crítica de miembros inferiores representa una manifestación extrema de laenfermedad vascular periférica crónica. La revascularización quirúrgica es el tratamientode elección para los pacientes con esta patología, ya que pese a ser un procedimiento invasivoreduce la tasa de amputación y de mortalidad. Sin embargo, tiene una tasa alta de complicaciones.Durante la última década, el perfeccionamiento y la introducción de nuevas tecnologíaspercutáneas han derivado en un crecimiento importante en la estrategia endovascular.Su baja morbilidad comparada con la de la alternativa quirúrgica ha llevado a un rápido yexplosivo incremento en su indicación.ObjetivoEvaluar los resultados clínicos en pacientes con lesiones críticas de miembros inferiorestratados de forma endovascular en un centro de alto volumen.Material y métodosDesde enero de 2005 hasta diciembre de 2008 se realizaron 60 procedimientos en 55 pacientes.ResultadosLa edad de los pacientes fue de 72,5 ± 10,6 años (rango 49-91; el 60,7% eran de sexomasculino, el 57% padecían diabetes y el 48,8%, enfermedad coronaria. El 50% de los pacientespresentaron dolor del miembro en reposo y el resto, lesiones tróficas menores en el41% y mayores en el 9%. Se trataron en total 74 lesiones: 14 aortoilíacas, 23 femoropoplíteas,28 infrapoplíteas y 9 bypass vasculares. En el seguimiento a 30 días, la tasa de reintervenciónde urgencia fue del 10,9%, la de amputación del 5,4%, la de muerte del 3,6% y la de eventoscardíacos mayores (muerte, infarto agudo de miocardio, accidente cerebrovascular,reintervención o amputación fue del 10,9%. Luego de 30 días, el seguimiento alejado (media727 ± 442 días arrojó las siguientes tasas: reintervención 11,7%, amputación 7,4%,infarto agudo de miocardio 2%, accidente cerebrovascular 2%, muerte 11,7% y eventos cardíacosmayores 27,4%. Las tasas de reintervención, amputación y eventos cardíacos mayoresdurante

  6. Postconditioning ameliorates lipid peroxidation in liver ischemia-reperfusion injury in rats Pós-condicionamento melhora a peroxidação lipídica na lesão de isquemia-reperfusão hepática em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Roberto Franchi Teixeira

    2009-02-01

    Full Text Available PURPOSE: Liver ischemia-reperfusion injury is a phenomenon presents in events like liver resections and transplantation. The restoration of blood flow may leads to local and systemic injury. Several techniques have been developed in order to avoid or ameliorate ischemia-reperfusion injury in clinical situations. The application of a sttuter reperfusion after the ischemic event (postconditioning could alters the hydrodynamics and stimulates endogenous mechanisms that attenuate the reperfusion injury. The present study was designed to evaluate the potential protective effect of postconditioning in a model of ischemia-reperfusion in rats. METHODS: Hepatic anterior pedicle of median and left anterolateral segments were exposed and clamped for 1 hour. Two hours later, clamp was released in two different ways: Control Group (n=7: clamp was release straightforward; Postconditioning Group (n=7: clamp was released intermittently. Lipid peroxidation (malondialdehyde and expression of the glutathione-s-transferase-α-3 gene were studied. RESULTS: Lipid peroxidation was significantly decreased in ischemic and non-ischemic liver by postconditioning. GST- α3 gene was overexpressed in postconditioned group, but not significantly. CONCLUSION: Postconditioning induced hepatoprotection by reducing lipid peroxidation in the ischemic and non-ischemic liver.OBJETIVO: A lesão de isquemia-reperfusão hepática é um fenômeno presente em eventos tais como ressecções hepáticas e transplante de fígado. A restauração do fluxo sangüíneo após a isquemia gera lesões locais e sistêmicas. Várias técnicas foram desenvolvidas com o objetivo de evitar ou diminuir a lesão de isquemia-reperfusão hepática em situações clínicas. A utilização da reperfusão intermitente após o evento isquêmico (pós-condicionamento pode alterar a hidrodinâmica e estimular mecanismos endógenos que atenuam o dano da reperfusão. O presente estudo foi realizado para avaliar o

  7. Saturación regional cerebral de oxígeno y APOE4 en el déficit cognitivo postoperatorio en cirugía cardiaca

    OpenAIRE

    Aldana Díaz, Eva María

    2016-01-01

    La cirugía cardiaca mejora la calidad de vida y la supervivencia de los pacientes con patología cardiaca. No obstante, se ha descrito la existencia de déficits cognitivos tanto en el postoperatorio (DCPO) inmediato como tardío. Las causas más relacionadas son los procesos de isquemia/reperfusión a nivel cerebral, las modificaciones del flujo de la microcirculación, las pérdidas sanguíneas e hipotensión periquirúrgicas, la activación de tromboxano secundaria a la activación plaquetaria y a la ...

  8. Casuística sobre a activação da via verde do acidente vascular cerebral no serviço de urgência da unidade hospitalar de Bragança do centro hospitalar do Nordeste, durante o ano de 2010

    OpenAIRE

    Barreira, Ilda; Esteves, Isabel; Preto, Leonel; Ferreira, Vera; Alves, Sandrina

    2011-01-01

    Conseguir que os utentes tenham acesso ao tratamento farmacológico de desobstrução arterial (trombólise), nos casos considerados clinicamente adequados, no tempo útil inferior a três horas após o início dos sintomas, é o principal objectivo do protocolo da Via Verde do Acidente Vascular Cerebral (VV do AVC), já que a fibrinólise pós-enfarte reduz a morbilidade e a mortalidade no AVC isquémico, contribuindo para uma melhor recuperação funcional (Harold., et al., 2003). Neste estudo analisámos ...

  9. Cerebral Hypoxia

    Science.gov (United States)

    ... off. When hypoxia lasts for longer periods of time, it can cause coma, seizures, and even brain death. In brain death, there is no measurable activity in the brain, although cardiovascular function is preserved. Life support is required for respiration. × Definition Cerebral hypoxia ...

  10. Determinação do limiar anaeróbio em jogadores de futebol com paralisia cerebral e nadadores participantes da paraolimpíada de Sidney 2000 Determination of the anaerobic threshold in soccer players with cerebral palsy and swimmers participant in the Sidney 2000 paralympic games

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedito Sérgio Denadai

    2002-06-01

    Full Text Available Os objetivos desse estudo foram: a determinar o limiar anaeróbio (LAn em jogadores de futebol com paralisia cerebral e nadadores participantes da Paraolimpíada de Sidney 2000 e; b analisar o comportamento do LAn em função das classes dos paratletas. Participaram do estudo, 28 atletas portadores de deficiência, sendo 11 jogadores de futebol com paralisia cerebral (classes: F36, F37 e F38 e 17 nadadores (14 homens e três mulheres (classes: S1 a S10 e B1. Nos jogadores de futebol, o LAn foi determinado em um protocolo progressivo e intermitente na esteira rolante. O LAn foi identificado como sendo a velocidade correspondente a 3,5mM de lactato sanguíneo. Na natação o LAn foi determinado por um protocolo incremental e intermitente de 3 x 200m. Após cada tiro houve coleta de sangue e por interpolação linear, foi calculada a velocidade correspondente a 4mM (LAn. A velocidade aeróbia máxima (Vamax e a correspondente ao LAn apresentaram uma tendência de melhora com o aumento da classe do jogador de futebol com paralisia cerebral. Entretanto, a proporção entre a velocidade do LAn e a Vamax (aproximadamente 80% foi bastante semelhante entre as classes. Na natação, a velocidade correspondente a 4mM aumentou em função do aumento das classes, indicando a limitação da capacidade funcional das classes mais baixas. Por outro lado, as concentrações de lactato em cada percentual da velocidade máxima de 200m foram muito semelhantes entre as classes, e também às obtidas em nadadores não portadores de deficiência. Com base nos resultados obtidos, podemos concluir que a classe (e portanto o nível de deficiência interfere na capacidade funcional aeróbia dos paratletas. Entretanto, a resposta de lactato ao exercício submáximo é semelhante entre as classes e também aos atletas não portadores de deficiência, sugerindo a validade do LAn para a avaliação aeróbia dos nadadores e dos jogadores de futebol com paralisia cerebral

  11. Utilidad de un programa de rehabilitación neuropsicológica de la memoria en daño cerebral adquirido (Usefulness of a Program of Neuropsychological Rehabilitation of Memory in Acquired Brain Damage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos José De los Reyes-Aragón

    2013-12-01

    Full Text Available RESUMEN: Este estudio evaluó la utilidad de un programa de rehabilitación cognitiva y funcional de memoria para pacientes con daño cerebral adquirido. Diez participantes con deterioro cognitivo leve o moderado participaron en el estudio, cinco de ellos asistieron durante cuatro meses a un programa semanal de rehabilitación, mientras que los otros cinco no recibieron intervención neuropsicológica. Los resultados mostraron que el grupo de rehabilitación mejoró la puntuación en la Escala de Memoria de Wechsler III. De igual forma, se encontró que la puntuación en la escala de fallos de memoria de la vida diaria solo mejoró en el grupo que recibió rehabilitación. Los resultados sugieren que el programa de rehabilitación de la memoria resulta útil en el tratamiento de las secuelas tanto cognitivas como funcionales resultantes del daño cerebral adquirido. ABSTRACT: This study evaluated the usefulness of a cognitive and functional rehabilitation of memory program for patients with acquired brain injury. Ten participants with mild- to -moderate cognitive impairment participated in the study; five of them for four months attended a weekly rehabilitation program, while the other five did not receive any neuropsychological intervention. The results showed that the rehabilitation group improved the score in the Wechsler III Memory Scale. Similarly, it was found that the score on the memory scale of failure of the daily life only improved in the group that received rehabilitation. The results suggest that memory rehabilitation program is useful in the treatment of both cognitive and functional sequels resulting from acquired brain damage.

  12. Protective effect of N2-mercaptopropionylglycine on rats and dogs liver during ischemia/reperfusion process Efeito protetor do N2-mercaptopropionilglicina em ratos e cães submetidos a isquemia/reperfusão normotécnica do fígado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio Elias Abdo

    2003-09-01

    Full Text Available BACKGROUND: N2-mercaptopropionylglycine is a powerful super oxide synthesis inhibitor and has been tested as a preventive agent of metabolic and structural hepatic damage in the ischemia/reperfusion process. AIM: To analyze some effects of N2-mercaptopropionylglycine administration to animals of two species submitted to normothermic liver ischemia/reperfusion. MATERIAL AND METHODS: Twenty-two rats and 22 dogs were divided into four groups: group I: rats that received intravenous saline 0.9%; group II: rats that received 100 mg/kg of N2-mercaptopropionylglycine; group III: dogs that received saline intravenous 0.9% and group IV: dogs that received 100 mg/kg N2-mercaptopropionylglycine. RESULTS: Ten minutes after the saline or drug administration, each group was submitted to left lobe liver ischemia for 25 minutes followed by reperfusion. Biochemical studies 24 hours after reperfusion revealed a significantly lower elevation of transaminases in animals of groups II (AST = 271 ± 182; ALT = 261 ± 161 and IV (AST = 101 ± 45; ALT = 123 ± 89 when compared to the controls group: I (AST = 2144 ± 966; ALT = 1869 ± 1040 00 and III (AST = 182 ± 76.51; ALT = 277 ± 219, respectively. Histology study demonstrated a significantly minor aggression to animals of groups II and IV when compared to groups I and III, respectively. CONCLUSION: These results suggest a significant release of free radicals of oxygen in the process and that N2-mercaptopropionylglycine may have a significant protective effect on liver parenchyma when submitted to ischemia/reperfusion.RACIONAL: O medicamento N2-mercaptopropionilglicina é um potente inibidor da síntese de radicais superóxidos e foi testado como agente preventivo de lesão metabólica e estrutural do parênquima hepático, no processo de isquemia/reperfusão. OBJETIVOS: Analisar alguns efeitos da administração do N2-mercaptopropionilglicina a animais de duas espécies submetidas a isquemia/reperfusão normot

  13. Avaliação clínica e videofluoroscópica da deglutição em crianças com paralisia cerebral tetraparética espástica Clinical and videofluoroscopic evaluation of deglutition in children with tetraparetic spastic cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Furkim

    2003-09-01

    Full Text Available A paralisia cerebral é doença que pode cursar com distúrbios da deglutição (disfagias orofaríngeas. O objetivo deste artigo foi caracterizar e comparar a deglutição em 32 crianças com esta doença, pela avaliação clínica fonoaudiológica e videofluoroscópica, com ênfase na aspiração traqueal, Os resultados mostraram importante comprometimento da fase oral. Na fase faríngea a aspiração, a incompetência velofaríngea e o resíduo em recessos faríngeos, foram os achados mais encontrados. A aspiração foi encontrada mais frequentemente com líquidos, antes e durante a deglutição. Na avaliação clínica e na videofluoroscopia, a hiperextensão cervical foi a anormalidade postural mais encontrada. A videofluoroscopia confirmou a presença de aspiração na maioria dos casos que apresentaram sinais sugestivos de aspiração na avaliação clínica da deglutição. Concluímos que a avaliação clínica e a videofluoroscópica são complementares na avaliação da deglutição; juntas podem indicar a conduta mais adequada na reabilitação.Cerebral palsy is a condition that may be associated with swallowing disorders, that is, oropharingeal dysphagia. The aim of this study was to characterize and compare the swallowing processes of 32 children with this condition, by clinical and videofluoroscopic evaluation, with special focus on tracheal aspiration detectability. Results show an important compromise of oral phase. The most important findings during the pharyngeal phase were velopharingeal incompetence and residuals on the pharyngeal recesses. Aspiration was more common with liquids, before and after deglutition. On clinical and videofluoroscopic evaluation, cervical hyperextension was the commonest postural abnormality. Videofluoroscopy confirmed the occurrence of aspiration on most of the cases that presented suggestive signs of aspiration during clinical evaluation. We conclude that clinical and videofluoroscopic evaluations

  14. Alterações ultra-sonográficas na gravidez Rh negativo sensibilizada avaliada pela espectrofotometria do líquido amniótico e pela dopplervelocimetria da artéria cerebral média

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nardozza Luciano Marcondes Machado

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar e confrontar a presença de alterações ultra-sonográficas nas gestações Rh negativo sensibilizadas, quando a anemia fetal foi determinada ou pela espectrofotometria do líquido amniótico, ou pela dopplervelocimetria da artéria cerebral média. MATERIAIS E MÉTODOS: Observacional descritivo com grupo de comparação. Nosso grupo de estudo foi constituído por 99 pacientes, avaliadas no período de janeiro de 1995 a janeiro de 2004. Foram analisados e comparados dois grupos: 74 gestantes sensibilizadas pelo fator Rh cuja anemia fetal foi acompanhada pela espectrofotometria (grupo SE e 25 gestantes sensibilizadas pelo fator Rh cuja anemia fetal foi acompanhada pela dopplervelocimetria (grupo SD. Avaliamos a presença ou não de alterações ultra-sonográficas no acompanhamento pré-natal e confrontamos os dois grupos de estudo. RESULTADOS: No grupo cuja anemia fetal foi acompanhada através da espectrofotometria (grupo SE, apuramos modificações placentárias, principalmente o aumento da espessura e sua alteração textural, mais assiduamente que as encontradiças no grupo de gestantes sensibilizadas, em que a anemia foi determinada através da dopplervelocimetria (grupo SD (64% X 32%, p = 6,294. CONCLUSÃO: As alterações ultra-sonográficas foram detectadas em dobro quando a anemia foi avaliada pela espectrofotometria em comparação com o grupo seguido pela dopplervelocimetria.

  15. Classification of cerebral palsy: association between gender, age, motor type, topography and Gross Motor Function Classificação da paralisia cerebral: associação entre gênero, idade, tipo motor, topografia e Função Motora Grossa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luzia Iara Pfeifer

    2009-12-01

    Full Text Available The goal of this study was to assess the relation between gender, age, motor type, topography and gross motor function, based on the Gross Motor Function System of children with cerebral palsy. Trunk control, postural changes and gait of one hundred children between 5 months and 12 years old, were evaluated. There were no significant differences between gender and age groups (p=0.887 or between gender and motor type (p=0.731. In relation to body topography most children (88% were spastic quadriplegic. Most hemiplegics children were rated in motor level I, children with diplegia were rated in motor level III, and quadriplegic children were rated in motor level V. Functional classification is necessary to understand the differences in cerebral palsy and to have the best therapeutic planning since it is a complex disease which depends on several factors.Este estudo teve como objetivo avaliar a relação entre gênero, idade, tipo motor, topografia e Função Motora Grossa, baseado no Sistema de Função Motora Grossa em crianças com paralisia cerebral. Participaram desta pesquisa 100 crianças com idade entre 5 meses a 12 anos que foram observadas em relação ao controle de tronco, trocas posturais e marcha. Não houve diferenças significativas entre gêneros e grupos etários (p=0,887 e entre gênero e tipo motor (p=0,731. Em relação à topografia corporal, houve predomínio de crianças com quadriplegia, sendo que a maioria (88% era do tipo espástico. Quanto ao nível motor, as crianças hemiplégicas pertenciam em sua maioria ao nível I, as diplégicas ao nível III e as quadriplégicas ao nível V. Sendo a paralisia cerebral uma condição complexa que depende de diversos fatores, beneficia-se de classificações funcionais para compreensão da diversidade e melhor planejamento terapêutico.

  16. Tratamento da escoliose em crianças com paralisia cerebral utilizando a prótese vertical expansível de titânio para costela (VEPTR Tratamiento de la escoliosis en niños con parálisis cerebral mediante la prótesis vertical expansible de titanio para las costillas (VEPTR Treatment of scoliosis in children with cerebral palsy using the vertical expandable prosthetic titanium rib (VEPTR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kiyomori de Quental Tyba

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o uso da prótese vertical expansível de titânio (VEPTR como opção de tratamento inicial da escoliose em crianças de baixa idade portadoras de paralisia cerebral. MÉTODOS: Foram avaliados 10 pacientes portadores de paralisia cerebral (PC tratados com VEPTR pelo grupo de escoliose da AACD de São Paulo. Caracterizavam-se por imaturidade esquelética e escoliose progressiva; sem deformidade grave no plano sagital. Realizamos avaliação da curva pelo método de Cobb no pré e pós-operatório e após dois anos de seguimento. RESULTADOS: A correção obtida com o uso do VEPTR no pós-operatório imediato foi em média de 41,4% nas radiografias iniciais sem tração (p = 0,005 e 9,1% (p = 0,055 nas radiografias com tração. Após quatro meses de pós-operatório mantiveram-se ganhos de 27,2% com relação ao início. Houve correção da obliquidade pélvica de 10,2º no pré-operatório para 5,4º em média (p = 0,007. As complicações ocorreram em seis pacientes (60% e em apenas um paciente foi necessária a retirada do VEPTR. CONCLUSÃO: O VEPTR é um método que obteve correção significativa no tratamento provisório das escolioses na PC, apesar de frequentes complicações de baixa morbidade.OBJETIVO: Evaluar el uso de la prótesis vertical expansible de titanio (VEPTR como opción de tratamiento inicial para la escoliosis en niños pequeños con parálisis cerebral. MÉTODOS: 10 pacientes con parálisis cerebral (PC fueron evaluados y tratados con VEPTR por el grupo de escoliosis de la AACD en Sao Paulo. Caracterizados por escoliosis progresiva inmadurez esquelética, sin deformidad grave en el plano sagital. Se evaluó la curva por el método de Cobb en el preoperatorio, posoperatorio, y después de dos años de seguimiento. RESULTADOS: LA CORRECCIón, obtenida con el uso de VEPTR en el posoperatorio inmediato, fue en promedio 41,4% en relación a las radiografías iniciales sin tracción (p = 0,005 y 9,1% (p = 0

  17. Operações laparoscópicas conservadoras do baço para tratar dor esplênica por isquemia Conservative laparoscopic operations of the spleen for treatment of splenic pain due to ischemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andy Petroianu

    2007-03-01

    Full Text Available RACIONAL: Desde 1979 este grupo de autores executa esplenectomia conservadora através de esplenectomia sub-total e autotransplante esplênico. Estes procedimentos foram realizados em mais de 300 pacientes para tratar diferentes condições patológicas. OBJETIVO: Apresentar proposta original e inédita em seres humanos de esplenectomia subtotal, preservando apenas o pólo superior do baço por via laparoscópica e esplenectomia total complementada por implante autógeno de tecido esplênico, também pela via laparoscópica, como nova forma de tratamento da dor severa devida à isquemia do baço. MÉTODOS: Três pacientes com intensa dor no hipocôndrio esquerdo foram submetidos a grande número de exames para concluir que sua dor era provocada por isquemia de parte do baço. A dor era resistente a todos os métodos conservadores utilizados. Decidiu-se, então, pelo tratamento cirúrgico por meio da esplenectomia subtotal, preservando o pólo superior do baço suprido pelos vasos esplenogástricos em dois casos, e esplenectomia total complementada por implante no omento maior de 20 fragmentos retirados desse baço, no terceiro caso. As três operações foram realizadas por via laparoscópica. Os três doentes foram acompanhados com exames hematológicos, imunológicos, tomográficos e cintilográficos. RESULTADOS: Esses procedimentos foram conduzidos sem risco para os paciente e com sangramento mínimo. Não houve dificuldade técnica nem complicações per ou pós-operatórias. No seguimento, não foram constatadas anormalidades, comprovando-se a vitalidade e a função dos remanescentes esplênicos. A dor esplênica desapareceu desde o dia da operação e não retornou durante o período de acompanhamento. CONCLUSÃO: A esplenectomia subtotal e os auto-implantes esplênicos são factíveis por via laparoscópica, de maneira segura para os doentes e devem deve ser considerados no tratamento da dor de origem isquêmica do ba

  18. Medida da diferença artério-venosa de oxigênio na monitorização de pacientes com hemorragia subaracnóidea por aneurisma cerebral Measurement of arteriovenous oxygen difference in the monitoring of patients with subarachnoid haemorrhage due to cerebral aneurysm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Sérgio Santana Pereira

    1997-01-01

    Full Text Available A diferença artério-venosa de oxigênio (DAVO2, pelo fato de estar relacionada com o metabolismo cerebral, reflete alterações que ocorrem em determinadas situações patológicas, entre elas as causadas pela hemorragia subaracnóidea espontânea (HSAE. Com a finalidade de avaliar a relação entre alterações na DAVO2 com o quadro clínico e a evolução de pacientes com HSAE, devido à ruptura de aneurisma cerebral, este método foi utilizado em 30 pacientes portadores desta patologia, admitidos na Unidade de Neurocirurgia do HBDF. A HSAE foi confirmada por CT de crânio em 17 pacientes e por punção lombar em 13. Dezoito pacientes foram admitidos com Hunt & Hess (H&H I ou II, sete com H&H III e cinco com H&H IV ou V. A medida da DAVO2 baseou-se na equação de Fick e os resultados clínicos foram avaliados pela escala de seqüelas de Glasgow. Dezenove pacientes apresentaram DAVO2 normais (inicialmente e durante a evolução, sendo que três faleceram; cinco tiveram valores de DAVO2 sempre baixos e três faleceram; os restantes seis pacientes tiveram valores da DAVO2 sempre elevados e dois faleceram. Os pacientes com DAVO2 normais tiveram melhor evolução clínica e índice de mortalidade menor, quando comparados com os pacientes com valores anormais da DAVO2 (pThe arterious venous oxygen difference (AVDO2 due to the close relationship with cerebral metabolic rate of oxygen and cerebral blood flow shows metabolic alterations that occur in some pathological situations in the brain including subarachnoid haemorrhage. The AVDO2 was calculated by the Fick equation and the results evaluated by the Glasgow outcome scale. Measurements of arteriojugular oxygen difference were carried out in 30 patients with subarachnoid haemorrhage due to rupture of intracranial aneurysms, as an attempt to monitor the relationship between changes in AVDO2, clinical picture, and evolution of the patients. The subarachnoid haemorrhage was diagnosed by CT scan in

  19. Highlighting intracranial pressure monitoring in patients with severe acute brain trauma Ressaltando a monitorização da pressão intracraniana em pacientes com traumatismo cerebral agudo grave

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio L. E Falcão

    1995-09-01

    Full Text Available Intracranial pressure (ICP monitoring was carried out in 100 patients with severe acute brain trauma, primarily by means of a subarachnoid catheter. Statistical associations were evaluated between maximum ICP values and: 1 Glasgow Coma Scale (GCS scores; 2 findings on computed tomography (CT scans of the head; and 3 mortality. A significant association was found between low GCS scores (3 to 5 and high ICP levels, as well as between focal lesions on CT scans and elevated ICP. Mortality was significantly higher in patients with ICP > 40 mm Hg than in those with ICP Monitorização da pressão intracraniana (PIC foi adotada em 100 pacientes com traumatismo cerebral agudo grave, usando-se preferencialmente um catéter subaracnóide. Associações estatísticas foram avaliadas entre valores máximos de PIC e : 1 número de pontos na Escala de Coma de Glasgow (ECG; 2 achados na tomografia computadorizada (TC da cabeça; e 3 mortalidade. Encontrou-se associação significante entre baixo número de pontos (3 a 5 na ECG e PIC elevada, assim como entre lesões focais na TC e hipertensão intracraniana. A mortalidade foi significantemente maior em pacientes com PIC > 40 mm Hg do que naqueles com PIC < 20 mm Hg.

  20. Hematological and hemostaseological alterations after warm and cold limb ischemia-reperfusion in a canine model Alterações hematológicas e hemostaseológicas após isquemia-reperfusão morna e fria de membro inferior em modelo canino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miklos Szokoly

    2009-10-01

    e sem resfriamento foram realizados. Antes das operações, do membro excluído ao final da isquemia, durante a reperfusão e por 5 dias de pós-operatório, amostras sanguíneas foram colhidas para exames hematológicos e parâmetros de coagulação. RESULTADOS: Após I/R, o tempo de tromboplastina parcial ativada foi alargado no 2º.-4º. dias de pós-operatório. Os valores mais altos foram no 2º.dia no grupo deI/R fria, acompanhada pelo aumento dos valores do tempo de protrombina. Os parâmetros hematológicos e o nível de fibrinogênio mostraram mudanças não específicas. No membro isquêmico excluído a composição sanguínea mostrou dados controversos. A isquemia fria induziu maiores alterações, entretanto, a contagem de plaquetas e o hematócrito mudaram mais expressivamente na isquemia morna. CONCLUSÃO: Estes resultados indicam risco de coagulopatia após I/R de membros nos dias mais precoces após o evento, sendo mais elevado no caso da I/R fria.

  1. United Cerebral Palsy

    Science.gov (United States)

    ... your local affiliate Find your local affiliate United Cerebral Palsy United Cerebral Palsy (UCP) is a trusted resource for individuals with Cerebral Palsy and other disabilities and their networks. Individuals with ...

  2. Perfusão cerebral retrógrada é método eficaz de proteção cerebral?: resultados imediatos de estudo consecutivo e randomizado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FONTES Ronaldo D.

    1999-01-01

    Full Text Available Foram estudados 30 pacientes com diagnóstico de aneurisma ou dissecção de aorta tratados cirurgicamente. O método utilizado consistiu: uso de hipotermia profunda, parada circulatória total, infusão de 0,20 mg/Kg de peso de dexametasona intravenosa e 10 mg/Kg/peso de thiopental, colocação dos pacientes em Trendelemburg a 45 graus durante o período de parada respiratória. Os 30 pacientes foram operados consecutivamente e randomizados em 2 grupos. Grupo I constituído de 15 pacientes, nos quais foi utilizada a perfusão cerebral retrógrada (PCR através da veia cava superior e Grupo II também com 15 pacientes nos quais não foi utilizada PCR. Onze (36,7% pacientes tinham aneurisma da aorta ascendente e arco aórtico, 7 (23,3% tinham dissecção aguda da aorta do tipo I, 6 (20% com dissecção crônica da aorta ascendente e os 6 (20% restantes outros diagnósticos não agrupáveis. Foi realizada análise das seguintes variáveis independentes para mortalidade: idade, sexo, tempo de circulação extracorpórea, tempo de parada circulatória, diagnóstico, complicações prévias, comparando os dois grupos. A mortalidade imediata do Grupo I foi de 4/15 (insuficiência respiratória 26,6% e no Grupo II 3/15 (coma 20,0% - p =1,00. A incidência de complicações neurológicas no Grupo I foi 3/15 (20,0% e no Grupo II, 2/15 (13,3% p = 1,000. A análise estatística utilizando o teste exato de Fisher não demonstrou diferença entre os dois grupos com relação à mortalidade imediata e complicações neurológicas. As causas de óbito foram: insuficiência respiratória em 4 pacientes, alteração neurológica, hiperpotassemia e infarto do miocárdio, respectivamente nos 3 últimos. No presente trabalho, concluímos que a associação de PCR não oferece proteção cerebral mais eficaz que a parada circulatória total associada à hipotermia profunda, para o tempo de isquemia utilizado.

  3. Are the angiotensin-converting enzime gene and acticity risk factors for stroke? São fatores de risco para acidente vascular cerebral o gene e a atividade da enzima conversora de angiotensina ?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miris Dikmen

    2006-06-01

    Full Text Available Stroke is a multifactorial disease in which genetic factors play an important role. This study was carried out to determine angiotensin-converting enzyme (ACE gene polymorphism in Turkish acute stroke patients and to establish whether there is an association of angiotensin-converting enzyme gene I/D polymorphism with clinical parameters. In this study 185 patients and 50 controls were recruited. We have investigated the association among the allelic distribution of the insertion/deletion (I/D polymorphism of the ACE gene identified by polymerase chain reaction. Distribution of ACE gene I/D genotypes and allele frequencies in patients were not significantly different from controls. D allele frequencies were 57.8% in patients versus 53.0% in controls and I allele 42.2% versus 47% respectively. History of hypertension, stroke, renal, heart and vessel diseases incidence and age, gender, systolic-diastolic blood pressures and creatinine levels were significantly high in patients. But these results and ACE activities had no significant differences among the ACE genotypes in patients and controls. Our results suggest that the ACE gene polymorphism is not associated with the pathogenesis of stroke in Turkish stroke patients.O acidente vascular cerebral (AVC é doença multifatorial em que fatores genéticos desempenham papel importante. Este estudo foi desenvolvido para verificar o polimorfismo do gene da enzima conversora da angiotensina (ECA em pacientes turcos com AVC agudo e estabelecer se existe associação do gene I/D da ECA com parâmetros clínicos. O estudo foi realizado com 185 pacientes e 50 controles. A associação entre a distribuição alélica da inserção / deleção (I/D do polimorfismo do gene da ECA foi estudada pela reação em cadeia da polimerase. A distribuição dos genótipos I/D do gene da ECA e suas freqüências não apresentaram significância estatística quando comparados os pacientes e controles. As freqüências dos

  4. Correlação entre a tração de afastadores e o risco de isquemia e infecção de feridas cirúrgicas: estudo experimental em ratos Correlation between surgical retractors and risk of wound ischemia and infection: experimental study in rats

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Hintz Greca

    1997-03-01

    Full Text Available Verificou-se o grau de isquemia produzido pela tração dos afastadores, bem como determinou-se o índice de infecção nas feridas limpas e contaminadas quando submetidas a trações conhecidas e progressivas. Foram utilizados 104 ratos machos da cepa Wistar com peso entre 180 e 190 gr, sendo que 40 animais foram utilizados para a determinação da isquemia provocada por afastadores e 64 para estudo da correlação do emprego de afastadores com infecção. Para a análise da isquemia produzida por afastadores sobre a ferida cirúrgica, os 40 ratos foram divididos em 4 grupos: T0, T1, T2, T3. Para o estudo do risco de infecção produzido por afastadores sobre a ferida cirúrgica, 64 ratos foram divididos em oito grupos: C0, C1, C2, C3, L0, L1, L2 e L3. Todos animais foram submetidos a laparotomia paramediana, conservando-se íntegro o peritônio. A ferida foi então submetida a tração por afastadores. A tração empregada foi de 0Kgf nos grupos T0, L0, C0; 0,062Kgf nos grupos T1, L1 e C1; 0,125Kgf nos grupos T2, L2 e C2 e 0,25Kgf nos grupos T3, L3 e C3. Nos grupos T0, Tl, T2 e T3 injetou-se o corante azul de Evans e após 1 hora foram retirados fragmentos da ferida, com posterior extração do corante e análise espectrofotocolorimétrica, que serviu para avaliar indiretamente o grau de isquemia da ferida. Nos grupos CO, Cl, C2 eC3 foi inoculado na ferida uma solução contendo 10(5 Stafilococcus aureus l ml. As feridas nos grupos C0, C1, C2, C3, L0, L1, L2 e L3 foram suturadas e os animais sacrificados após sete dias para análise bacteriológica das amostras. Verificou-se que nos grupos T1, T2, T3 o grau de isquemia aumentou a medida que se usava maior tração, fato este comprovado pela diminuição progressiva da concentração tissular do corante azul de Evans (pThe relation between ischemia and infection is well known, but the hazards of surgical retractors to wound healing is not well documented. We developed a experimental model to

  5. Estudo comparativo da deglutição com nasofibrolaringoscopia e videodeglutograma em pacientes com acidente vascular cerebral Comparison of functional endoscopic swallow study (FESS vs. videofluoroscopy (VF in patients with stroke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Doria

    2003-10-01

    Full Text Available Os distúrbios da deglutição são bastante freqüentes nos pacientes neurológicos e naqueles com doenças ou seqüelas de cirurgia de cabeça e pescoço, sendo causa de importante morbidade e mortalidade. Apesar do videodeglutograma (VD ser considerado o exame de escolha para a avaliação dos distúrbios da deglutição, este exame apresenta limitações em algumas situações clínicas, além de expor o doente à radiação e ao risco de aspiração do contraste. Em anos recentes, têm sido também utilizadas fibras ópticas flexíveis para avaliar os pacientes com disfagia e outras queixas relacionadas à deglutição. OBJETIVO: Análise comparativa entre os dados obtidos pela NFL e VD em relação a parâmetros estudados por ambos métodos. FORMA DE ESTUDO: Caso controle. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados prospectivamente 12 pacientes com seqüela de acidente vascular cerebral isquêmico, no período de janeiro a maio de 2002, por meio do estudo dinâmico da deglutição com nasofibrolaringoscopia (NFL e VD, sendo os resultados comparados estatisticamente. RESULTADOS: Enquanto o VD permite a análise da fase preparatória oral e oral da deglutição e o início da fase faríngea, a NFL permite estudo da sensibilidade e mobilidade faringo-laríngea, além da visualização direta do alimento. Através do teste estatístico McNemar, nenhum dos parâmetros analisados apresentou divergência estatisticamente significante (pPatients with dysphagia present great morbidity and mortality, especially those with neurological disorders and/or head and neck surgery, thus warranting a detailed evaluation of swallowing. Videofluoroscopy has been considered the gold standard for evaluating swallowing disorders for many years; however, this test presents limitations in some clinical settings exposing patients to radiation and to the risk of contrast aspiration. In recent years, functional swallow studies using flexible endoscopy (FESS have been

  6. Avaliação da flexibilidade pelo método do Flexômetro de Wells em crianças com Paralisia Cerebral submetidas a tratamento hidroterapêutico: estudo de casos - doi: 10.4025/actascihealthsci.v32i2.8019 Flexibility evaluation by the method of Wells’ Flexometer in children with Cerebral Palsy submitted to hydrotherapy treatment: study of the cases - doi: 10.4025/actascihealthsci.v32i2.8019

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente de Paula Antunes Teixeira

    2010-09-01

    Full Text Available Avaliar a flexibilidade da cadeia muscular posterior, utilizando o método proposto por Wells e Dillon, antes e após cada sessão de hidroterapia. Foi verificada a flexibilidade de três crianças com Paralisia Cerebral (PC diparéticas, com idades entre sete a dez anos. Os valores de flexibilidade foram aferidos, utilizando o Flexômetro de Wells. Houve aumento significativo da flexibilidade da cadeia muscular posterior dos pacientes após cada sessão de hidroterapia, tanto na avaliação em grupo quanto individual, assim como antes da primeira sessão de hidroterapia quando comparada com a última. O estudo sugere que a hidroterapia promove melhora da flexibilidade em relação à cadeia muscular posterior de crianças com PC diparéticas, pelo relaxamento global e consequente diminuição do tônus muscular, quando associada a exercícios de alongamentos passivos.To evaluate the flexibility of the posterior muscle chain using the method proposed by Wells and Dillon, before and after each hydrotherapy session. The study verified the flexibility of three children with diplegic cerebral palsy (CP, aged 7 to 10. The values of flexibility were measured using the Wells’ Flexometer. There was a significant increase in the flexibility of posterior muscle chain of the patients after each session of hydrotherapy, both in the individual evaluation and in the group, as well as before the first session of hydrotherapy compared to the last. The study suggests that hydrotherapy promotes the improvement of flexibility, by relaxation of muscle tone of children with diplegic CP, in relation to the posterior muscle chain, when combined with passive stretching exercises.

  7. Lower limb ischaemia due to occlusion of a persistent sciatic artery aneurysm: a case report Isquemia crítica do membro inferior por trombose de aneurisma de uma artéria ciática persistente: caso clínico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Tiago

    2012-06-01

    Full Text Available Persistent sciatic artery is a rare embryological anomaly. The authors report the clinical case of a 81-year-old man presenting with a right lower limb ischaemia and a pulsatile mass in the buttock. Computed tomographic angiography demonstrated a complete and unilateral persistent sciatic artery, with an aneurysmal degeneration on its, proximal third. During the pre-operative workup, spontaneous aneurismal occlusion occurred, worsening the condition to a critical ischaemia. The patient underwent, successfully, a distal femoro-popliteal bypass. Review of the literature confirms the rarity of this anomaly, which is frequently associated to degenerative changes. Surgical repair is prompt recommended to prevent complications.A persistência da artéria ciática é uma anomalia embriológica rara. Os autores relatam o caso clínico de um homem de 81 anos de idade, que se apresentou com sinais de isquemia do membro inferior direito associado a uma massa pulsátil na região glútea. Foi realizada uma angiografia por TC que mostrou a presença de uma artéria ciática completa e unilateral no membro inferior direito, com degenerescência aneurismática no seu terço proximal. Durante a avaliação pré-operatória, o doente desenvolveu um quadro de isquemia crítica por oclusão espontânea do aneurisma da artéria ciática, pelo que foi submetido com sucesso a um bypass femoro-poplíteo infra-genicular. A revisão da literatura confirma a raridade desta entidade, assim como a tendência da artéria ciática para alterações degenerativas precoces. A correção cirúrgica deve ser expedita para prevenir complicações decorrentes das alterações degenerativas.

  8. Anestesia e paralisia cerebral Anestesia y parálisis cerebral Anesthesia and cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Március Vinícius M Maranhão

    2005-12-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A paralisia cerebral (PC é uma doença não progressiva decorrente de lesão no sistema nervoso central, levando a um comprometimento motor do paciente. O portador de PC freqüentemente é submetido a procedimentos cirúrgicos devido a doenças usuais e situações particulares decorrentes da paralisia cerebral. Foi objetivo deste artigo revisar aspectos da paralisia cerebral de interesse para o anestesiologista, permitindo um adequado manuseio pré, intra e pós-operatório neste tipo de paciente. CONTEÚDO: O artigo aborda aspectos da paralisia cerebral como etiologia, classificação, fatores de risco, fisiopatologia, quadro clínico, diagnóstico, terapêuticas utilizadas bem como avaliação pré-operatória, medicação pré-anestésica, manuseio intra e pós-operatório, analgesia pós-operatória e dor crônica. CONCLUSÕES: O anestesiologista desempenha um papel importante na diminuição da morbidade e mortalidade anestésico-cirúrgica em pacientes portadores de paralisia cerebral. O conhecimento da fisiopatologia dos diferentes tipos de paralisia cerebral bem como das doenças associadas e suas terapêuticas é imprescindível, pois permite ao anestesiologista antecipar e prevenir complicações intra e pós-operatórias neste tipo de paciente.JUSTIFICATIVA Y OBJETIVOS: La parálisis cerebral (PC es una enfermedad no progresiva consecuente de una lesión en el sistema nervioso central, llevando a un comprometimiento motor del paciente. El portador de PC, frecuentemente es sometido a procedimientos quirúrgicos debido a enfermedades usuales y situaciones particulares consecuentes de la parálisis cerebral. El objetivo de este artículo, fue revisar aspectos de la parálisis cerebral de interés para el anestesista, permitiendo un adecuado manoseo pre, intra y posoperatorio en este tipo de paciente. CONTENIDO: El artículo aborda aspectos de la parálisis cerebral como etiología, clasificación, factores de

  9. Imaging diagnosis and clinical findings of cerebral venous thrombosis in full-term neonates without brain damage: a ten-year review;Diagnostico por imagem e aspectos clinicos da trombose venosa cerebral em recem-natos a termo sem dano cerebral: revisao em 10 anos

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Monteiro, Alexandra Maria Vieira, E-mail: cmaol@br.inter.ne, E-mail: cmaolima@gmail.co [Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), RJ (Brazil). Faculdade de Ciencias Medicas; Lima, Claudio Marcio Amaral de Oliveira [Fatima Digital, Nova Iguacu, RJ (Brazil). Centro de Diagnostico por Imagem; Ribeiro, Erica Barreiros [Hospital Sao Jose, Criciuma, SC (Brazil). Servico de Ressonancia Magnetica; Lins, Maria Cristina; Miranda, Silvia; Miranda, Luis Eduardo [Casa de Saude Sao Jose (CSSJ), Rio de Janeiro, RJ (Brazil). Unidade de Terapia Intensiva Neonatal

    2010-05-15

    Objective: to describe and compare imaging methods and clinical findings of cerebral venous thrombosis in four full-term neonates without brain damage, admitted to a neonatal intensive care unit. Materials and methods: ten-year review of four cases diagnosed with cerebral venous thrombosis by transfontanellar ultrasonography associated with Doppler fluxometry and confirmed by magnetic resonance imaging/magnetic resonance angiography in correlation with clinical findings and neurological progression. Results: ultrasonography presented normal results in 75% of cases and magnetic resonance imaging in 100%. Doppler fluxometry and magnetic resonance angiography were abnormal in 100% of cases. Hypoxia (100%) and early seizures (100%) were predominant among clinical findings with evoked potential changes in 50% of cases. In the assessment of the neuro development all the areas remained within normality parameters up to the conclusion of the present study. Conclusion: ultrasonography in association with Doppler can identify changes related to cerebral venous thrombosis and should be complemented with magnetic resonance imaging that is the gold standard for diagnosis in these cases. (author)

  10. Dexmedetomidine and S(+-ketamine in ischemia and reperfusion injury in the rat kidney Dexmedetomidina e S(+-cetamina em lesão de isquemia e reperfusão no rim de rato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Geraldo Curtis

    2011-06-01

    Full Text Available PURPOSE: To investigate blood creatinine and renal histology in rats anesthetized with S(+-ketamine (keta or dexmedetomidine (dex and submitted to kidney ischemia/reperfusion injury (IRI. METHODS: Under intraperitoneal (ip S(+-ketamine, 20 male Wistar rats were divided into two groups (n=10: maintenance with iv S(+-ketamine or dex (keta and dex groups, and submitted to right (R nephrectomy and left (L renal artery clamping for 45 min. Blood creatinine was measured before ischemia (T1 and 48h after reperfusion (T2, when L nephrectomy was performed. Histological analysis was performed in all kidneys. RESULTS: Blood creatinine was significantly higher at T2 in both groups, but dex group results were lower than those of keta group. Histological changes: between groups, R kidneys did not differ; there were significant high scores for vascular dilation: keta L kidneys; for vascular congestion, tubular dilation, and necrosis: L kidneys from both groups; for tubular degeneration: keta R kidneys. CONCLUSION: S(+-ketamine plus IRI were aggressive to rat kidneys, according to histological changes, and dexmedetomidine may have not totally protected the kidneys from these injuries, despite the better results of blood creatinine.OBJETIVO: Investigar a creatinina sanguínea e histologia renal em ratos anestesiados com S(+-cetamina (ceta ou dexmedetomidina (dex e submetidos à lesão de isquemia/reperfusão renal (IR. MÉTODOS: Sob S(+-cetamina intraperitoneal (ip, 20 ratos Wistar machos foram distribuídos em dois grupos (n=10: manutenção com S(+-cetamina ou dexmedetomidina, iv, (grupos ceta e dex, e submetidos à nefrectomia direita (D e clampeamento da artéria renal esquerda (E por 45 min. A creatinina sanguínea foi dosada antes da isquemia (T1 e 48h após a reperfusão (T2, quando foi realizada nefrectomia E. Houve análise histológica de todos os rins. RESULTADOS: A creatinina foi significativamente maior em T2 em ambos os grupos, porém menor com a

  11. Família da criança com paralisia cerebral: percepção sobre as orientações da equipe de saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Marten Milbrath

    2012-01-01

    Full Text Available Tornarse familia de un niño con parálisis cerebral es un proceso complejo, exige del equipo de salud preparo profesional, aspectos éticos y estéticos del proceso de cuidar de esa familia. Desde este punto, se objetiva conocer cómo la familia de niños con parálisis cerebral percibe la transmisión de las orientaciones del equipo de salud para el cuidado con estos. El estudio se basó en la perspectiva de Heidegger y Gadamer. Se trata de un estudio cualitativo, exploratorio-descriptivo, realizado en la ciudad de Rio Grande-RS, Brasil, participaron seis familias, total de nueve sujetos, se utilizó entrevistas semiestructuradas para la colecta de informaciones, analizadas segundo el Análisis Temático. En la interpretación de informaciones fueron encontradas incongruencias entre las orientaciones dadas por el equipo de salud y las demandas presentadas por las familias al prestar cuidado a los niños con necesidades especiales. Se constata la relevancia de un equipo de salud instrumentalizado para el cuidado integral, focalizando en las necesidades de esos niños y sus familias.

  12. Avaliação das habilidades de compreensão e expressão em criança com paralisia cerebral através do uso da comunicação alternativa: contribuições para uma Investigação Transcultural

    OpenAIRE

    Sônia Maria Moreira Delgado

    2010-01-01

    A linguagem e a comunicação são certamente as aquisições mais notáveis e significativas no processo de evolução humana. A fala é apenas um das formas da linguagem, embora seja a mais empregada pelo ser humano. Cerca de uma em cada duzentas pessoas é incapaz de comunicar-se através da fala devido a problemas neurológicos, físicos, emocionais e cognitivos, como é o caso das pessoas com paralisia cerebral, autismo, deficiência intelectual e alterações cognitivas. Nestes casos, pode ser necessári...

  13. Neuroproteccióndel extracto hidroalcohólico de las hojas de Satureja brevicalyx ‘wayra muña’ en un modelo animal de hiperoxia e hipoxia-isquemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rody Arias-Rodríguez

    2012-07-01

    Full Text Available Objetivos: Evaluar el efecto neuroprotector del extracto hidroalcohólico de hojas de Satureja brevicalyx ‘wayra muña’ en ratas sometidas a hiperoxia, y su progenie sometidas a hipoxia isquemia. Diseño: Experimental. Lugar: Área de Cirugía Experimental, Instituto Nacional de Salud del Niño, y Laboratorios del Centro de Investigación de Bioquímica y Nutrición, Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú. Material biológico: Rattus novegicus de la cepa Holtzman, hojas secas de Satureja brevicalyx ‘wayra muña’. Intervenciones: Tratamiento con el extracto en dos modelos: hiperoxia en ratas hembras adultas, e hipoxia en la progenie de ratas madre tratadas. Se realiza ANOVA y prueba de Tukey. Principales medidas de resultados: Actividad de superóxido dismutasa (SOD, niveles de glutatión (GSH total y niveles de sustancias reactivas al ácido tiobarbitúrico (TBARS. Resultados: En las ratas tratadas con el extracto se observó disminución significativa de TBARS y participación de GSH y SOD. Conclusiones: Nuestros resultados sugieren que el extracto hidroalcólico de Satureja brevicalyx ejerce efecto neuroprotector en condición de hiperoxia e hipoxia experimental, mediante la mitigación de la lipoperoxidación como parámetro de daño oxidativo, con participación del GSH y la actividad de SOD como mecanismos de defensa antioxidante.

  14. Correlação entre a Visual Gait Assessment Scale, Edinburgh Visual Gait Scale e Escala Observacional da Marcha em crianças com paralisia cerebral diparética espástica Correlation among the Visual Gait Assessment Scale, Edinburgh Visual Gait Scale and Observational Gait Scale in children with spastic diplegic cerebral palsy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geruza P. Bella

    2012-04-01

    Full Text Available CONTEXTUALIZAÇÃO: Desordens da marcha são comuns em crianças com paralisia cerebral (PC diparética espástica. Com o intuito de aprimorar a marcha dessas crianças e quantificar os desfechos de tal intervenção, torna-se necessário que se faça uma análise instrumentada pré e pós-intervenção. OBJETIVOS: Correlacionar a Edinburgh Visual Gait Scale (EVGS, a Visual Gait Assessment Scale (VGAS e a Escala Observacional de Marcha (EOM. MÉTODOS: Estudo transversal de análise da marcha por meio das escalas EVGS, VGAS e EOM, envolvendo oito crianças com PC diparética espástica, nível I ou II do Gross Motor Function Classification System (GMFCS, avaliadas por três examinadores. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Os dados foram analisados pelo índice Kappa ponderado, considerando um nível de significância de 5%. RESULTADOS: O estudo intra-avaliadores mostrou que a concordância entre os métodos na classificação dos sujeitos foi de moderada a excelente (k=0,41, 1,00, sendo a comparação entre a VGAS e a EVGS a de maior índice de concordância, enquanto a EOM obteve grande discordância em comparação com as outras escalas. A concordância interavaliadores se mostrou predominantemente alta. CONCLUSÃO: Os resultados fornecem evidências de que a VGAS e a EVGS são mais adequados para avaliação da marcha de crianças com PC diparética quando comparadas à EOM.BACKGROUND: Gait disorders are very common in children with spastic diplegia cerebral palsy (CP. In order to improve the CP children's gait and to quantify the outcomes of this intervention it becomes essential to perform an instrumented analysis before and after the intervention. OBJECTIVES: To analyze the correlation among the Edinburgh Visual Gait Scale (EVGS, the Visual Gait Assessment Scale (VGAS and the Observational Gait Scale (OGS. METHODS: Cross sectional study aiming to analyze the gait of 8

  15. Efeito do sulfato de magnésio sobre o índice de pulsatilidade das artérias uterinas, umbilical e cerebral média fetal de acordo com a persistência da incisura protodiastólica da artéria uterina na pré-eclâmpsia grave Effect of magnesium sulfate on pulsatility index of uterine, umbilical and fetal middle cerebral arteries according to the persistence of bilateral diastolic notch of uterine arteries in patients with severe preeclampsia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Sandro Rolland Souza

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar o efeito do sulfato de magnésio sobre o índice de pulsatilidade (IP das artérias uterinas, umbilicais e cerebral média fetal, de acordo com a persistência ou não da incisura protodiastólica bilateral das artérias uterinas na pré-eclâmpsia grave. MÉTODOS: foi desenvolvido um estudo do tipo coorte, incluindo 40 gestantes com pré-eclâmpsia grave, das quais 23 apresentavam incisura protodiastólica bilateral e 17, incisura ausente/unilateral. As pacientes foram submetidas a doplervelocimetria antes e depois de 20 minutos da administração intravenosa de 6 g do sulfato de magnésio. O exame foi realizado com a paciente em posição semi-Fowler, obtendo-se os sonogramas durante a inatividade fetal, em períodos de apneia e ausência de contrações uterinas. Todos os exames foram realizados por dois pesquisadores, considerando a média como resultado final. A comparação dos IP antes e depois do sulfato de magnésio em cada grupo foi realizada pelo teste de Wilcoxon. A diferença das duas medidas (antes e depois do sulfato de magnésio foi comparada entre os grupos (incisura bilateral e incisura ausente/unilateral utilizando-se o teste de Mann-Whitney. RESULTADOS: houve um aumento significativo da frequência cardíaca materna e uma diminuição da pressão arterial materna e da mediana dos IP das duas artérias uterinas e da artéria cerebral média fetal depois da utilização do sulfato de magnésio em ambos os grupos. Houve redução significativa do IP da artéria uterina esquerda e da artéria umbilical apenas no grupo com incisura protodiastólica unilateral/ausente. No entanto, não foram encontradas diferenças significativas em relação ao IP da artéria uterina direita e relação umbilical/cerebral antes e depois do sulfato de magnésio em cada grupo. Não se encontrou diferença entre os grupos, antes e depois do sulfato de magnésio, para nenhum dos desfechos estudados. CONCLUSÕES: após a administra

  16. Relación entre disfunción eréctil e isquemia miocárdica silente en varones con diabetes mellitus tipo 2

    OpenAIRE

    García Malpartida, Katerinne Eloise

    2015-01-01

    La diabetes mellitus tipo 2 (DM2) es una enfermedad con alta prevalencia y cuya incidencia está aumentando. La principal causa de morbi-mortalidad del paciente con DM2 es la enfermedad cardiovascular (ECV), en concreto, la cardiopatía isquémica (CI). Una de las manifestaciones de la CI es la isquemia miocárdica silente (IMS), que consiste en la presencia de lesiones de tipo isquémico a nivel miocárdico, sin que el paciente presente síntomas asociados. Los pacientes con IMS desarrollan con más...

  17. Disfunção endotelial após isquemia global e reperfusão em cirurgia cardíaca com circulação extracorpórea: estudo do papel do magnésio em artérias coronarianas caninas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco A. VOLPE

    2002-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a disfunção endotelial conseqüente à lesão provocada por isquemia global seguida de reperfusão e a potencial influência protetora do magnésio sobre a integridade funcional do endotélio em coronárias isoladas de cães. MÉTODO: Segmentos de artérias coronárias caninas foram suspensos em banhos orgânicos para medida de força isométrica. A disfunção endotelial foi avaliada pela capacidade destes segmentos produzirem óxido nítrico, alterando a força isométrica inicial. Foram selecionados quatro grupos com seis cães em cada um: SEM CEC (controle, CEC (110 minutos de perfusão sem isquemia, ISQ (45 minutos de isquemia, ISQ/REP (45 minutos de isquemia seguidos de 60 minutos de reperfusão. A ação do magnésio foi avaliada em três fases: I (banho orgânico com magnésio, II (banho orgânico sem magnésio e III (banho orgânico com magnésio restaurado. Foram utilizados três agonistas farmacológicos que representam os principais passos da via de produção do óxido nítrico: receptor de membrana da célula endotelial - acetilcolina (ACh; transdução do sinal entre o receptor e os processos intracelulares através da G-proteína - fluoreto de sódio (NaF; liberação dos estoques intracelulares de cálcio - cálcio ionóforo (A23187. Ao estudo da função endotelial associou-se a avaliação da atividade da musculatura lisa dependente de GMPc - nitroprussiato de sódio (NPS. RESULTADOS: Os principais achados desta investigação foram: 1 a presença de magnésio no perfusato pareceu atenuar a disfunção endotelial causada por isquemia global seguida de reperfusão; 2 a presença de magnésio no banho orgânico (fase I associou-se a maior relaxamento em resposta aos agonistas da produção de óxido nítrico; 3 a remoção de magnésio do banho orgânico (fase II esteve associada à redução na intensidade do relaxamento em resposta aos agonistas da produção de óxido nítrico; 4 a restauração de magn

  18. Isquemia pulmonar embólica: aspectos clínicos e experimentais Pulmonary embolic ischemia: clinical and experimental aspects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio Biscegli Jatene

    2003-09-01

    Full Text Available A isquemia está freqüentemente relacionada a mecanismos embólicos e esta oclusão arterial mecânica não é sempre seguida de conseqüências isquêmicas severas porque mudanças na circulação brônquica suprem as áreas sem fluxo sangüíneo. No entanto, ocorre o fenômeno de remodelação vascular, também relacionado a níveis elevados de pressão arterial pulmonar, principalmente no tromboembolismo pulmonar crônico. Modelos experimentais têm sido produzidos para estudar a relação entre a oclusão arterial mecânica, a hipertensão pulmonar e a remodelação vascular, entretanto mais avaliações sistemáticas são necessárias para se entender esta relação no parênquima pulmonar isquêmico e não isquêmico.Pulmonary ischemia is usually related with embolics mechanisms, and this mechanic artery occlusion is not always followed by severe ischemic consequences, because the bronchial circulation changes supply the areas without blood flow. However, small artery vascular remodeling occurs, related to persistent high pulmonary pressure levels, mainly in the chronic pulmonary thromboembolism. Experimental models have been produced to study the relation-ship between mechanic artery occlusion, pulmonary hypertension and vascular remodeling, however, more systematic evaluation is necessary to understand such a these relation-ship, in the ischemic and not ischemic lung parenchyma.

  19. Brain white matter lesions correlated to newborns death and lethality Fatores correlacionados ao óbito e à letalidade hospitalar em neonatos com lesão da substância branca cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Argollo

    2006-06-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to describe hospital lethality rates and factors correlated to death in neonates with brain white matter lesions. METHODS: a retrospective study was performed from January 1994 to December 2001. Neonates with white brain matter lesions were divided into survival and death groups and their medical files reviewed through the single blind method to determine evolution. Death certificates provided the cause of death. The groups were compared through correlation coefficients. Hospital lethality rate was calculated. RESULTS: ninety three cases of white brain matter lesions and seven deaths were determined. Hospital lethality rate was of 8.2.% (95%CI: 2.4-14.0 independently from lesion occurrence time, and of 10.3% (95%CI: 3.3-17.3 for deaths occurred during prenatal and perinatal periods. Death was correlated to: Apgar score, non-cephalic presentation, gestational age, hyperglicemia, hypercalcemia, convulsion, respiratory insufficiency and atelectasy. CONCLUSIONS: hospital lethality was of 10.3% generating the following hypothesis: perinatal asphyxia must be the principal direct and indirect etiologic factor (aggravating the expression of prematurity and infection diseases, of prenatal and perinatal mortality among newborns with white brain matter lesions; and OBJETIVOS: descrever a taxa de letalidade hospitalar e fatores correlacionados com o óbito em crianças com lesão da substância branca cerebral (LSB. MÉTODOS: estudo retrospectivo realizado de janeiro de 1994 a dezembro de 2001. Os neonatos com LSB foram divididos em sobreviventes ou óbito, e seus prontuários revisados de forma cega para a evolução. Dos atestados de óbito, a causa de morte. Os grupos foram comparados por coeficientes de correlação. Calculada a taxa de letalidade hospitalar. RESULTADOS: foram encontrados 93 casos de LSB e sete óbitos. A taxa de letalidade hospitalar foi de 8,2%, (IC95%: 2,4-14,0, independentemente da época de instalação da lesão, e de

  20. Isquemia e reperfusão hepática total em condições de normalidade e sob estado de choque hemorrágico controlado: efeitos no sequestro de neutrófilos no rim do rato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hirano Elcio Shiyoiti

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os efeitos da isquemia e reperfusão hepática total em condições de normalidade e estado de choque hemorrágico controlado no acúmulo de neutrófilos no interstício do rim do rato. MÉTODOS: Foram utilizados 32 ratos adultos da raça Wistar, machos, divididos em quatro grupos: Grupo Controle (GC, condições de normalidade, submetidos às cateterizações e laparotomia, seguido de um período de 60 minutos de observação; Grupo Choque (GCh: estado de choque hemorrágico controlado (CHC por 20 minutos (20' em pressão arterial média (PAM de 40 mmHg, seguido de reanimação volêmica e de 60 minutos de reperfusão (RP60; Grupo Pringle (GP: Manobra de Pringle (MP por 15 minutos (15', seguido de RP60; Grupo Choque-Pringle (GCP: estado de CHC por 20" em PAM de 40 mmHg, seguido de laparotomia e MP por 15', seguido de RP60. Para caracterização da má perfusão tecidual foram medidos o lactato sangüíneo (LS e a reserva de base (RB, no início do período de reperfusão (RP0, aos trinta minutos de reperfusão (RP30 e no RP60. RESULTADOS: No RP0 o valor médio do LS e RB apenas o GC apresentou níveis dentro das normalidades. Nos RP30 e RP60 o valores médios do LS e RB do GC demonstrou-se estatisticamente diferente dos demais grupos (p<0,0001. Os valores médios de neutrófilos encontrado foram: GC = 0,24 (?0,28; GCh = 1,06 (?0,61; GP = 0,18 (?0,16; GCP = 0,24(?0,19. O GC apresentou diferença estatística quando comparado aos demais, os quais não diferiam entre si. CONCLUSÃO: O presente modelo experimental demonstrou que o estado de CHC por 20' seguido de RP60 foram os principais responsáveis pelo maior seqüestro de neutrófilo no córtex renal.

  1. Cerebral Vasculitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fariborz Khorvash

    2017-02-01

    Full Text Available Introduction: Vasculitis is an inflammation systems may be involved of blood vessels due to various origins. Vessels of the peripheral and/or central nervous. Vasculitis of the CNS is rare and occurs in the context of systemic diseases or as primary angiitis of the CNS. Epidemiology: The overall incidence of primary vasculitis is about 40/1,000,000 persons [excluding giant cell (temporal arteritis, GCA]. Its incidence increases with age. The incidence of GCA is much higher (around 200/1,000,000 persons in the age group[50 years. Clinical Presentation: Clinical and pathological presentation in CNS vasculitis represents a wide spectrum. Among others, headache, cranial nerve affections, encephalopathy, seizures, psychosis, myelitis, stroke, intracranial haemorrhage and aseptic meningoencephalitis are described. Primary and secondary vasculitides leading more frequently to CNS manifestations are discussed. Primary and secondary Vasculitides: Including Giant Cell (Temporal Arteritis , Takayasu arteritis, Polyarteritis nodosa, Primary angiitis of the CNS, Wegener’s granulomatosis, and Connective tissue diseases, such as systemic lupus erythematosus (SLE, scleroderma, rheumatoid arthritis, mixed connective disease and Sjögren syndrome, are systemic immune-mediated diseases that lead to multiple organ affections. Cerebral Vasculitis: Imaging and Differential Diagnosis: Vasculitides represent a heterogeneous group of inflammatory diseases that affect blood vessel walls of varying calibers (inflammatory vasculopathy. Since the devastating symptoms of CNS vasculitis are at least partially reversible, early diagnosis and appropriate treatment are important. In order to establish a differential diagnosis clinical features, disease progression, age of onset, blood results, as well as CSF examinations have to be taken into consideration. Neuroimaging techniques, such as MRI and DSA, play a central role in the diagnosis and disease monitoring .The diagnostic

  2. Os efeitos da bola suíça nos pacientes portadores de hemiplegia por acidente vascular cerebral - doi:10.5020/18061230.2008.p233

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Abdon

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar os efeitos da Bola Suíça na hemiplegia decorrente de AVC. Métodos:Realizou-se um estudo intervencionista e controlado em 12 pacientes hemiplégicos crônicos,independente do sexo, com idade média de 59 anos. Os pacientes do grupo experimental(GE foram submetidos ao tratamento com Bola Suíça, somado à Fisioterapia convencional e os do grupo controle (GC, somente à Fisioterapia convencional. O tratamento, realizado duas vezes semanais, totalizou 14 atendimentos. Coletaram-se os dados em ficha de avaliação no início e ao final do tratamento. Na análise estatística aplicou-se o teste t de Student. Resultados: Houve predomínio do sexo masculino, com marcha, tônus e postura característicos da hemiplegia crônica. Os pacientes do GE apresentaram ganho significativo de força muscular dos membros inferiores em comparação ao grupo controle (p < 0,05, contudo o mesmo não ocorreu em relação a outros parâmetros, como na força dos membros superiores, na coordenação e no equilíbrio. Conclusão: Pode-se concluir que, no grupo estudado, o tratamento com a Bola Suíça favoreceu ganho de força nos membros inferiores.

  3. Cerebral palsy.

    Science.gov (United States)

    Kent, Ruth M

    2013-01-01

    Cerebral palsy affects movement and posture causing activity limitation; it is a lifelong condition, with foreseeable complications. There are evidence-based interventions that will prevent participation restriction. Childhood interventions are generally delivered within multidisciplinary rehabilitation programs. Sadly young adults are often not transferred to an appropriate multidisciplinary adult neurodisability service. An unexplained neurological deterioration should warrant further investigation. Pain is an important underreported symptom and musculoskeletal complaints are prevalent. Disabled adults have less participation socially, in employment, marriage, and independent living related to health problems, discrimination, or lack of access to information, support, and equipment. Evidence-based interventions include a variety of modalities at all International Classification of Functioning, Disability, and Health levels to include support and adaptations. Rehabilitation interventions that have been shown to be effective include surgery in childhood, ankle-foot orthoses, strength training, and electrical stimulation. Management of spasticity is beneficial and has an evidence base. Orthotics and casting are also used. Systematic reviews of upper limb therapies also show the benefit of physical therapy exercise, strengthening, fitness training, and constraint therapy. Occupational therapy has a weaker evidence base than in other disabling conditions but many modalities are transferable. Speech therapy is effective although no specific intervention is better. Psychological wellbeing interventions, including improving self-efficacy, health knowledge, and coping skills, are beneficial. Management of continence, nutrition, and fatigue promote wellbeing. Copyright © 2013 Elsevier B.V. All rights reserved.

  4. Tratamiento del vasoespasmo cerebral asociado a hemorragia subaracnoidea espontánea mediante angioplastia percutánea con balón: reporte de tres casos Treatment of cerebral vasospasm associated with subarachnoid hemorrhage by means of percutaneous balloon agioplasty: report of three cases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Mario Jiménez Yepes

    2002-03-01

    Full Text Available Reportamos el uso de la angioplastia percutánea con balón en tres pacientes con diagnóstico de vasoespasmo cerebral secundario a hemorragia subaracnoidea espontánea. Todos los pacientes estaban en mala condición clínica neurológica pero dentro de la ventana terapéutica para isquemia cerebral. El tratamiento fue considerado exitoso tanto en términos angiográficos como clínicos. La terapia endovascular mediante la angioplastia cerebral percutánea con balón es una herramienta útil en el vasoespasmo cerebral, en pacientes debidamente seleccionados y que estén dentro de la ventana terapéutica, que parece ser de doce horas luego de instalados los signos y síntomas. Succesful treatment of cerebral vasospasm by using percutaneous balloon angioplasty is reported in three cases. All patients were in bad condition with a short therapeutic window. All of them had a good recovery, both in terms of angiographic and clinical criteria. Use of endovascular therapy of spastic vessels by means of balloon percutaneous angioplasty in selected patients, is a good choice for treatment of cerebral vasospasm associated with spontaneous subarachnoid hemorrhage.

  5. Influencia del perfil clínico del donante, receptor y tiempo de isquemia en la supervivencia del trasplante cardíaco. Subanálisis del Registro Español de Trasplante Cardíaco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María J. Paniagua

    2015-11-01

    Conclusiones: Muchas características del donante y el receptor, así como el tiempo de isquemia, influyen en la supervivencia del TC. El acúmulo de variables consideradas no óptimas repercutirá negativamente y de forma significativa en la supervivencia del TC.

  6. Tratamento cirúrgico do pé eqüino na paralisia cerebral: uma revisão sistemática e quantitativa da literatura Surgical treatment of equinus varus deformity of the foot in cerebral palsy: a systematic and quantitative review of the literature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Montezuma César de Assumpção

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Realizar uma revisão sistemática e quantitativa da literatura que versa sobre o tratamento cirúrgico do pé eqüino na paralisia cerebral, submetendo os resultados à apreciação estatística, caracterizando-se assim uma metanálise, cujo propósito é esclarecer qual a técnica cirúrgica que apresenta o menor risco de recidiva da deformidade em eqüino e quando devemos operar. MÉTODOS: Revisão sistemática e quantitativa da literatura entre 1966 e 2007. A seleção dos artigos seguiu critérios de inclusão e exclusão preestabelecidos. Os estudos foram identificados e escolhidos utilizando como estratégia de busca os bancos de dados computadorizados da Internet (Medline, Embase, Lilacs e Biblioteca Virtual Cochrane. Também foi realizada a busca manual de estudos em periódicos e livros. Os dados de cada estudo foram coletados conforme formulário preestabelecido. Foi avaliada a qualidade metodológica de cada estudo. Calculou-se para cada estudo selecionado a estimativa do efeito do tratamento (risco relativo de recidivas. Os dados foram submetidos à apreciação estatística específica direcionada para revisões sistemáticas. Os estudos e dados obtidos foram submetidos à análise clínica e estatística de heterogeneidade por meio da análise de subgrupos (média de idade, tempo de seguimento e técnica cirúrgica utilizada. RESULTADOS: Do total de 70 publicações encontradas, foram selecionados 20 estudos observacionais retrospectivos. A análise dos estudos com seguimento médio acima de cinco anos mostra que as taxas de recidiva se tornam de maior valor absoluto quanto maior o tempo de seguimento. Os estudos em que a média de idade dos pacientes no momento da cirurgia foi superior aos sete anos mostram menor soma dos riscos relativos, quando comparados ao grupo com média de idade inferior aos sete anos, evidenciando diminuição significativa do risco absoluto. A análise comparativa dos estudos que citam

  7. Stroke management in a university hospital in the largest South American city Manejo do acidente vascular cerebral em um hospital universitário na maior cidade da América do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Bastos Conforto

    2008-06-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To describe characteristics and provision of care for patients admitted with cerebrovascular disorders (CVD, focusing on ischemic stroke (IS, in a large, public, academic hospital in São Paulo, Brazil. METHOD: We retrieved information about 357 patients with CVD admitted to the Neurology Emergency Department (NED and Neurology Ward (NW of our institution. We described patient characteristics and management of IS in NED and in NW. RESULTS: IS was diagnosed in 79.6% of CVD patients admitted to NED; 2.7% were submitted to thrombolysis. Extent of IS investigation and management were significantly different in NED and NW. CONCLUSION: IS patients in our center were younger than in developed countries. IS management was significantly influenced by patient characteristics. This information can aid in planning strategies to decrease stroke burden.OBJETIVO: Descrever características e manejo de pacientes internados com diagnóstico de doença cerebrovascular (DCV, enfocando principalmente o acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI, em um hospital público universitário em São Paulo. MÉTODO: Coletamos informações de 357 pacientes com DCV internados no Pronto-Socorro de Neurologia (PSN e na Enfermaria de Neurologia (EN de nossa instituição. Descrevemos características dos pacientes e manejo do AVCI no PSN e na EN. RESULTADOS: O AVCI foi diagnosticado em 79,6% dos pacientes com DCV admitidos no PSN; 2,7% foram submetidos a trombólise. A extensão da investigação e o manejo da doença foram significativamente diferentes no PSN e na EN. CONCLUSÃO: os pacientes com AVCI em nosso centro foram mais jovens que em países desenvolvidos. O manejo do AVCI foi influenciado significativamente pelas características dos pacientes. Estas informações podem auxiliar no planejamento de estratégias para diminuir as conseqüências das DCV em nosso meio.

  8. Impacto da adoção de medidas inespecíficas no tratamento do acidente vascular cerebral isquêmico agudo em idosos: a experiência do Distrito Federal, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Moura

    2015-07-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o impacto de um protocolo de tratamento inespecífico e descentralizado para acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI em idosos na qualidade do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS do Distrito Federal. MÉTODOS: Este estudo retrospectivo de controle histórico utilizou dados do Sistema de Informação Hospitalar do SUS (SIH/SUS para comparar dois períodos: antes e depois da adoção de um protocolo que preconiza atenção por medidas inespecíficas (sem alteplase e descentralização do atendimento. Foram analisadas 2 369 internações de idosos acima de 60 anos com AVCI em 2006 e 2007 e 5 207 em 2010 e 2011 com relação a frequência, tempo de hospitalização, mortalidade, letalidade por AVCI, utilização de unidade de terapia intensiva (UTI e valores de reembolso de autorizações de internação hospitalar (AIH. A efetividade foi avaliada pelos índices de mortalidade e letalidade e a eficiência pelo tempo de permanência, utilização de UTI e valores de AIH. RESULTADOS: Houve aumento de 119,8% no número de pacientes internados com a doença no segundo período (P = 0,0001, aumento de mortalidade absoluta de 27,3%, queda de 5,0% na taxa de letalidade por AVCI (P = 0,02 e aumento na utilização de UTI de 130,6% (P = 0,0001. Não foi observada variação significativa entre os períodos na média do número de dias de internação por paciente e nos valores de reembolso de AIH. CONCLUSÕES: Os indicadores utilizados evidenciaram melhora da efetividade do tratamento do AVCI agudo com o uso de um protocolo inespecífico e descentralizado de atendimento; entretanto, não houve impacto sobre a eficiência.

  9. Ficomicose (mucormicose orbito-rino-cerebral: registro de um caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. M. Guerreiro

    1980-03-01

    Full Text Available Registro de caso de mucormicose órbito-rino-cerebral em paciente diabético e em cetoacidose, com quadro clínico característico e que apresentou boa evolução graças ao tratamento iniciado precocemente. É feito um resumo dos principais registros da literatura a respeito da patologia.

  10. Prevenção do estresse oxidativo na síndrome de isquemia e reperfusão renal em ratos com suplementação nutricional com antioxidantes Prevention of oxidative stress in renal ischemia-reperfusion syndrome in rats with nutritional antioxidant supplementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandro Percário

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o potencial efeito protetor de suplementação com vitaminas antioxidantes em um modelo de síndrome de isquemia-reperfusão renal em ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 29 ratos Wistar, divididos em três grupos: Grupo I e II (n=10 cada, submetidos a indução do estresse oxidativo pela aplicação de 60 minutos de isquemia renal, seguidos de 10 minutos de reperfusão; adicionalmente, os animais do Grupo II foram pré-tratados por doze dias com vitaminas antioxidantes (vitamina C 11,43mg/kg e vitamina E 28,57mg/kg antes da submissão à isquemia; Grupo III (n=9, correspondendo aos animais Sham, que foram manipulados de forma equivalente aos outros grupos, porém sem indução do estresse oxidativo e sem suplementação antioxidante. Findo isso, as amostras de sangue e os rins foram colhidos para avaliação dos níveis do malondialdeído, do ácido úrico e da capacidade antioxidante total. RESULTADOS: Para o malondialdeído e ácido úrico do Grupo I foi observado um aumento estatisticamente significante (pOBJECTIVE: The objective of this study was to verify the potential protective effect of antioxidant vitamin supplementation in a model of renal ischemic-reperfusion injury in rats. METHODS: Twenty-nine Wistar rats were divided into three groups: groups I and II (n=10 each, were submitted to 60 minutes of renal ischemia, followed by 10 minutes of reperfusion; additionally, animals of group II were treated for twelve days with antioxidant vitamins (vitamin C 11.43mg/kg and vitamin E 28.5 mg/kg before being submitted to ischemia; In group III (n=9, the animals were treated like the other groups but not submitted to ischemic-reperfusion injury and not given antioxidant supplements. Subsequently, blood samples and the kidneys were collected for assessment of malondialdehyde, uric acid and total antioxidant capacity. RESULTS: The malondialdehyde and uric acid of group I was significantly higher than those of group III (p<0

  11. Isquemia miocárdica silente en diabéticos tipo 2 Silent myocardial ischemia in type 2 diabetes patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yordanka Piña Rivera

    2012-08-01

    Full Text Available Objetivos: determinar la frecuencia de isquemia miocárdica silente en diabéticos tipo 2 y su relación con el control metabólico. Métodos: se realizó un estudio descriptivo transversal en 79 pacientes asintomáticos con diabetes mellitus tipo 2 sin antecedentes de cardiopatía isquémica, hipertensión arterial o de ser fumador, que acudieron a la Consulta de Endocrinología del Hospital Militar Central "Dr. Carlos J. Finlay", entre febrero de 2009 y febrero de 2011. Se les realizó ecocardiografía con doppler tisular y se determinaron los niveles de glucemia en ayunas, posprandial, hemoglobina glucosilada, colesterol y triglicéridos. Las variables clínicas analizadas en relación con la isquemia miocárdica silente fueron: edad, sexo, tiempo de evolución de la diabetes e índice de masa corporal. Para las variables cualitativas se utilizaron distribuciones de frecuencia con el cálculo del porcentaje y para establecer relación entre variables la prueba de chi cuadrado. Resultados: la edad media del total de pacientes fue de 54 años, de ellos el 69,1 % correspondió al sexo masculino y el 31,9 % al femenino. En el 20,2 % de los pacientes se observaron signos de isquemia miocárdica por doppler tisular, y de ellos, un 75 % tuvo niveles patológicos de colesterol total, con relación estadísticamente significativa (p= 0,01, sujetos que tuvieron 4,4 veces más riesgo relativo de presentar isquemia miocárdica, que los pacientes con colesterol normal. Las cifras de glucemia en ayunas, posprandial y hemoglobina glucosilada fueron significativamente mayor en el grupo con isquemia. Los pacientes con niveles elevados de glucemia en ayunas tuvieron 10,5 veces más riesgo de isquemia miocárdica que los que tenían cifras adecuadas. Igualmente, los casos con cifras elevadas de glucemia posprandial presentaron 12 veces más riesgo de enfermar. Conclusiones: la isquemia miocárdica silente es frecuente en los diabéticos tipo 2 y se relaciona

  12. COMPORTAMIENTO ANTIARRÍTMICO DE LA HIPOXIA EN SIMULACIONES DE PARED TRANSMURAL CARDÍACA EN PRESENCIA DE ISQUEMIA SUB-EPICÁRDICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Henao Gallo

    2011-01-01

    Full Text Available

    RESUMEN 

    El papel preponderante de la corriente de potasio sensitiva a Adenosin Trifosfato y su contribución a cambios electrofi siológicos que ocurren durante heterogeneidades y alteraciones fisicoquímicas debido a isquemia en la pared transmural cardíaca son aún debatidos. El objetivo de este trabajo fue estudiar la infl uencia de la activación de la hipoxia en la desestabilización del frente de onda eléctrico en pared transmural heterogénea en presencia de isquemia subepicárdica en un modelo computacional de tejido virtual. La taquicardia polimórfi ca obtenida de las simulaciones muestra que la activación de la hipoxia presenta un comportamiento antiarrítmico. La hiperkalemia es el principal agente capaz de generar bloqueo de conducción y alteraciones del segmento TQ y el segmento ST en los electrogramas obtenidos.

     

    Palabras clave: Electrogramas, hipoxia, isquemia, modelo Luo-Rudy, pared transmural heterogénea, reentrada espiral, taquicardia ventricular polimórfica.

     

    ABSTRACT

     

    ANTIARRHYTHMIC BEHAVIOR OF HYPOXIA IN CARDIAC TRANSMURAL WALL SIMULATIONS IN PRESENCE OF SUB-EPICARDIC ISCHEMIA

    The role of potassium adenosine triphosphate sensitive fl ow and its contributions to electrophysiological changes that occur during chemical-physical alterations and heterogeneities due to ischemia in cardiac transmural wall is still debated.

     

    The aim of this work was to study hypoxia activation influence in wavefront electric disturbance in heterogeneous transmural wall subjected to sub-epicardial ischemia, using a virtual tissue computational model. Polymorphic tachycardia obtained

  13. Força muscular isocinética de jogadores de futebol da seleção paraolímpica brasileira de portadores de paralisia cerebral Fuerza muscular isocinética en jugadores de futbol de la selección paraolímpica brasileña de portadores de parálisis cerebral Isokinetic muscular strength of paralympic athletes with cerebral palsy (CP from the Brazilian soccer team

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília dos Santos Andrade

    2005-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO E OBJETIVO: A fraqueza muscular, a assimetria de forças e o desequilíbrio entre músculos antagonistas são reconhecidamente fatores de risco para lesão dos joelhos. Futebolistas portadores de paralisia cerebral (PC possivelmente apresentam estes fatores de risco exacerbados em decorrência desta doença e do esporte. O objetivo do presente estudo foi avaliar a presença destes fatores de risco para lesão do joelho em atletas, portadores de PC, da seleção paraolímpica brasileira de futebol. MÉTODO: Vinte e um futebolistas paraolímpicos, portadores de PC, com hemiparesia espástica, submeteram-se à avaliação dos músculos flexores e extensores dos joelhos, por meio do dinamômetro isocinético Cybex 6000. Para análise da força muscular foi medido o pico de torque a 60º/s, que foi utilizado para analisar a deficiência contralateral, a relação entre músculos flexores e extensores do joelho e a fraqueza muscular comparando com valores previstos para indivíduos normais (Neder et al., 1999. O teste t-Student pareado foi utilizado para a análise estatística (p INTRODUCCIÓN Y OBJETIVOS: La flaqueza muscular, la asimetría de fuerzas y el desequilibrio entre los musculos antagonistas son reconocidamente factores de riesgo para las lesiones de la rodilla. Los futbolistas portadores de paralisis cerebral (PC posiblemente presenten estos factores de riesgo exacerbados en la evolucion de esta patologia y del deporte. El objetivo de este estudio fué el de evaluar la presencia de estos factores de riesgo para la lesion de la rodilla en atletas, portadores de PC, de la selección paraolímpica brasileña de futbol. MÉTODO: Veintiun futbolistas paraolímpicos, portadores de PC, con hemiparesia espástica fueron sometidos a una evaluación de los músculos flexores y extensores de la rodilla, por medio de dinamómetro isocinético Cybex 6000. Para el análisis de la fuerza muscular fué medido el pico de cambio a 60º/s, que

  14. Valor preditivo da ultra-sonografia do cérebro em recém-natos com diagnóstico de meningite bacteriana neonatal: seguimento de 12 anos Predictive value of cerebral ultrasound with respect to clinical outcome in infants diagnoses on neonatal meningitis: a focus 12 years later

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra Maria Vieira Monteiro

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o valor preditivo da ultra-sonografia do cérebro, para o dano cerebral, em crianças com diagnóstico de meningite neonatal. MÉTODO: Estudo retrospectivo realizado no Instituto Fernandes Figueira (FIOCRUZ-RJ em 16 crianças que realizaram ultra-sonografia do cérebro por diagnóstico de meningite no período neonatal e tiveram seguimento neurológico até 12 anos. Foram calculados: valores preditivos positivo e negativo, sensibilidade e especificidade. RESULTADOS: 56,25% eram do sexo masculino e 81,25% prematuros. Hidrocefalia foi o achado mais freqüente (56,25%, seguido pelo exame normal (43,75%. Achados de hidrocefalia (9, somente em um havendo evolução favorável e achados normais (7, em 4 (57,14% não havendo déficit neurológico. Achados de ventriculite (4 e abscesso cerebral (2: todos evoluíram com dano cerebral. Diagnóstico de encefalomalácia (2; em 50% havendo desenvolvimento cognitivo satisfatório. Diagnostico de atrofia (2, todos com dano cerebral severo. CONCLUSÃO: Valor preditivo positivo de 88,89%, negativo de 57,14%, sensibilidade de 72,73% e especificidade de 80%.OBJECTIVE: To evaluate the predictive value of cerebral ultrasound in infants diagnoses on meningitis neonatal to the neurological outcome. METHOD: A retrospective study of 16 children admitted at Institute Fernandes Figueira RJ - Brazil, who had neonatal meningitis and were examined by cerebral ultrasound. The neurologic outcome was evaluated until 12 years of age. Positive and negative predictive values, sensitivity and specificity were calculated. RESULTS: 56.25% were male and 81.25% premature. Hydrocephalus was the most frequent finding (56.25% followed by normal exam (43.75%. Findings of hydrocephalus (9 only one had good neurologic outcome; and normal exam (7: only 57.14% without brain damage. Findings of ventriculitis (4 and brain abscesses (2 all had neurologic damage. Diagnosis of encephalomalacia (2: only one had good cognitive

  15. Efeito da terapia com amilorida na capacidade de exercício e na perfusão miocárdica na angina estável : ensaio clínico randomizado cruzado

    OpenAIRE

    Helius Carlos Finimundi

    2010-01-01

    Novas terapias têm sido estudadas, a fim de diminuir a repercussão celular durante isquemia e proteger as células miocárdicas das conseqüências prejudiciais do fenômeno de reperfusão, ou lesão de reperfusão, desencadeada principalmente pela ativação da glicoproteína trocadora de sódio/Hidrogênio (NHE). Essa proteína, cuja principal função seria manter a integridade do pH das células miocárdicas durante a isquemia, pode alterar-se de forma paradoxal e precipitar necrose celular na reperfusão, ...

  16. Reversal of severe SPECT asymmetry after venous extra-intracranial high flow bypass in a patient submitted to therapeutic internal carotid occlusion: case report Reversão de importante assimetria ao SPECT após bypass venoso de alto fluxo extra-intracraniano em paciente submetido a oclusão terapêutica da carótida interna: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Marcondes

    2001-09-01

    Full Text Available Therapeutic occlusion of the internal carotid artery is the main option for the treatment of the symptomatic intracavernous internal carotid artery aneurysms, but the issue of the best way of doing the balloon test occlusion (BTO regarding prediction of future ischemic events remains debatable. Single photon emission computerized tomography (SPECT has been offered as one of the best option of monitoring regional cerebral blood flow (rCBF during the BTO, where severe asymmetry is predictive of delayed ischemia. We describe a case of important SPECT asymmetry during BTO clinically negative and its complete reversal with carotid occlusion after extra-intracranial bypass with high flow safenous vein bypass between the cervical carotid artery and the middle cerebral artery.Oclusão terapêutica carotídea ainda é a principal escolha para o tratamento dos aneurismas sintomáticos da artéria carótida interna ao nível do seio cavernoso.Existem controvérsias em relação à obtenção de testes com maior valor preditivo em relação à complicações isquêmicas futuras durante a realização do teste de oclusão carotídeo por balão. A tomografia computorizada de emissão de fóton único (SPECT tem sido defendida como uma opção para a melhor avaliação do fluxo sanguíneo regional cerebral, onde evidente assimetria é indicativa de isquemia tardia. Descrevemos um caso de importante assimetria ao SPECT durante o teste clinicamente negativo e sua reversão completa após anastomose extra-intracraniana com interposição de veia safena magna (alto fluxo entre a artéria carótida cervical e a artéria cerebral média.

  17. Sarcoma cardiaco primario que comienza como dolor abdominal e isquemia intestinal: a propósito de un caso y revisión de la literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Pablo Lima

    2013-07-01

    Full Text Available Se presenta el caso de una paciente mujer de 76 años de edad que comienza con cuadro de dolor abdominal y elevación moderada de enzimas cardiacas. La TAC demostró masa auricular izquierda y datos de isquemia intestinal. El área intestinal afecta fue resecada a través de laparotomía media. Tras la recuperación de la cirugía abdominal se resecó la masa cardiaca bajo circulación extracorpórea. El examen anatomopatológico demostró sarcoma de estirpe estromal con bcl2 y CD34 negativos, testando positivo para vicentina. La translocación t(X;18 fue negativa.

  18. Neurociências, neurocultura e autoajuda cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ortega

    2009-12-01

    Full Text Available Este artigo pretende analisar o fenômeno denominado de neuroascese, ou autoajuda cerebral no contexto do crescente impacto das neurociências e do surgimento da neurocultura e do sujeito cerebral. Para tanto, é importante compreender o âmbito sóciocultural mais amplo no qual a neuroascese se insere e que corresponde ao que vem se chamando de 'cultura somática' ou, mais especificamente, de biossociabilidade. O objetivo do artigo é explorar como uma forma de subjetividade reducionista, o sujeito cerebral, dá lugar à aparição de práticas de si cerebrais, isto é, práticas de como agir sobre o cérebro para maximizar a sua performance, que levam a formação de novas formas de sociabilidade.

  19. Neurociências, neurocultura e autoajuda cerebral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ortega

    Full Text Available Este artigo pretende analisar o fenômeno denominado de neuroascese, ou autoajuda cerebral no contexto do crescente impacto das neurociências e do surgimento da neurocultura e do sujeito cerebral. Para tanto, é importante compreender o âmbito sóciocultural mais amplo no qual a neuroascese se insere e que corresponde ao que vem se chamando de 'cultura somática' ou, mais especificamente, de biossociabilidade. O objetivo do artigo é explorar como uma forma de subjetividade reducionista, o sujeito cerebral, dá lugar à aparição de práticas de si cerebrais, isto é, práticas de como agir sobre o cérebro para maximizar a sua performance, que levam a formação de novas formas de sociabilidade.

  20. Efecto neuroprotector del sildenafilo frente a la isquemia química inducida por la toxina mitocondrial malonato

    OpenAIRE

    Barros-Miñones, L. (Lucía); Aguirre, N. (Norberto)

    2014-01-01

    Phosphodiesterase 5 inhibitors (PDE5i) have recently been reported to exert beneficial effects against ischemia-reperfusion injury in several organs but their neuroprotective effects in brain stroke models are scarce. The present study was undertaken to assess the effects of sildenafil against cell death caused by intrastriatal injection of malonate, an inhibitor of succinate dehydrogenase; which produces both energy depletion and lesions similar to those seen in cerebral ischemia. Our data d...

    1. Isquemia e reperfusão hepática total associada ao estado de choque hemorrágico controlado: efeitos no seqüestro de neutrófilos no pulmão do rato Total hepatic warm ischemia and reperfusion associated with controlled hemorrhagic shock: effects of neutrophil sequestration in lung of rats

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Mario Mantovani

      2002-02-01

      Full Text Available OBJETIVO: Estudar os efeitos da isquemia e reperfusão hepática total sobre acúmulo de neutrófilos no interstício pulmonar de ratos, em condições de normalidade e submetidos ao estado de choque hemorrágico controlado. MÉTODOS: 32 ratos Wistar, machos, foram divididos em quatro grupos de oito animais cada: grupo Sham, submetido aos procedimentos padrões com um período de 60 minutos de observação; grupo Choque, submetido a choque hemorrágico controlado (PAM = 40 mmHg, 20 min. seguido de reposição volêmica (Ringer lactato + sangue, 3:1 e reperfusão (60 min.; grupo Pringle, submetido a isquemia hepática total (15 min. e reperfusão (60 min.; grupo Total submetido a choque hemorrágico controlado (15 min. seguido de reposição volêmica (Ringer lactato + sangue, 3:1 e reperfusão (60 min.. Após o sacrifício dos animais, procedeu-se à contagem de neutrófilos no interstício pulmonar. RESULTADOS: Os valores encontrados para contagem de neutrófilos no interstício pulmonar indicaram que, os animais dos grupos Pringle, Total e, também, do grupo Choque, não diferiram dos animais do grupo Sham com valores de (Sham 21,08± 14,12; Choque 35,15± 18,74; Pringle 19,78± 15,38; Total 23,90± 16,37 (p=0.253 CONCLUSÃO: Em ratos submetidos a estado de choque hemorrágico controlado associado a isquemia hepática de 15 minutos, seguida de 60 minutos de reperfusão, não ocorreu acúmulo significativo de neutrófilos no interstício pulmonar.OBJECTIVE: The purpose of this experimental work was to study the effects of total hepatic ischemia and reperfusion on the accumulation of neutrophils in the lung of rats, under normal conditions and submitted to controlled hemorrhagic shock state. METHODS: thirty two adult male Wistar rats, were divided into four groups: the Sham group, was submitted to the standard procedures for a period of 60 min. of observation; Shock group, was submitted to controlled hemorrhagic shock (PAM=40 mmHg, 20 min

    2. Hemorragia de tronco cerebral após remoção cirúrgica de cisto aracnóide da fissura silviana: Relato de caso Brainstem hemorrhage after surgical removal of arachnoid cyst of the sylvian fissure: case report

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Guilherme Borges

      1995-12-01

      Full Text Available Os autores relatam um caso de hemorragia de tronco cerebral após craniotomia para ressecção de grande cisto aracnóide de fissura silviana esquerda. A sintomatologia inicial pré-operatória incluía sinais de hipertensão intracraniana e a tomografia computadorizada mostrava desvio de linha média. Diversos fatores são discutidos para explicar o sangramento parenquimatoso pós-operatório: edema cerebral, diminuição do retorno venoso e de fluxo sanguíneo no lado comprimido. Entretanto a fisiopatologia da hemorragia parenquimatosa em casos como o relatado permanece obscura. Uma abordagem cirúrgica mais cautelosa é proposta nesses pacientes com de hipertensão intracraniana.The authors report a case of a hemorrhage of the brainstem after craniotomy for resection of a huge arachnoid cyst of the sylvian fissure on the left hemisphere. The previous simptomatology included clinical signs of increased intracranial pressure, and the computerized tomography showed midline shift. Some factors may contribute to brain hemorrhage post-operatively: cerebral edema, ipsilateral changes in the venous reflux and blood perfusion, although the physiopathology remains obscure. A more careful approach is suggested in such cases with intracranial hypertension.

    3. Atividade elétrica cerebral do rato com lesões da formação reticular mesencefálica Electrocorticographic study of the rats's bram after lesioning of the midbrain reticular formation

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Walter C. Pereira

      1970-09-01

      Full Text Available No presente estudo foram utilizados 73 ratos em preparações agudas e crônicas, nas quais lesamos a formação reticular mesencefálica com corrente contínua (3,5 a 4,0 mA durante 5 a 10 segundos. O eletródio ativo era implantado estereotàxicamente segundo as coordenadas de König e Klippel. As lesões eram feitas parcial ou totalmente, uni ou bilateralmente, e em todos os animais procedeu-se ao controle histológico das áreas lesadas, usando-se o método de Weil. O registro da atividade elétrica cortical foi feito com polígrafo Beckman de 4 canais, utilizando-se derivações bipolares curtas (1mm com eletródios esféricos de platina. As experiências permitiram as seguintes conclusões: 1 — As características eletrofisiológicas dos fusos que ocorrem após lesões da formação reticular mesencefálica são muito semelhantes às dos fusos espontâneos e barbitúricos, inclusive quanto à projeção cortical. Quanto à duração dos potenciais que os constituem, contudo, notamos que a faixa de variação era mais centuada (20 a 80 ms, o que pode ser atribuído à maior complexidade dos potenciais do cérebro isolado, possivelmente pela falta de ação cronadora da formação reticular sobre o sistema sincronizador talâmico. 2 — Os mecanismos envolvidos na gênese dos fusos do sono barbitúrico ou espontâneo e os do cérebro isolado são, pelo menos em parte, dependentes do bloqueio da formação reticular mesencefálica. 3 — A formação reticular mesencefálica ativa preferencialmente o hemisfério cerebral homolateral; o contingente cruzado talvez seja mobilizado somente quando estímulos alertantes intensos atingem o tegmento mesencefálico. 4 — Além da formação reticular mesencefálica deve haver outros mecanismos ativadores corticais, visto que, em preparações agudas de cérebro isolado, observamos: a surtos de curta duração de atividade dessincronizada; b oscilações freqüentes do ECoG durante o registro

    4. Controle do fornecimento e da utilização de substratos energéticos no encéfalo Modulation of energy substrate supply and consumption by the brain

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      A.O. Schelp

      1995-09-01

      Full Text Available Correspondendo a apenas 2% do peso corpóreo, o cérebro apresenta taxa metabólica superior à maioria dos demais órgãos e sistemas. A maior parte do consumo energético encefálico ocorre no transporte iônico para manutenção do potencial de membrana celular. Praticamente desprovido de estoques, os substratos energéticos para o encéfalo são fornecidos necessariamente pela circulação sanguínea.O suprimento desses substratos sofre também a ação seletiva da barreira hemato-encefálica (BHE. O principal substrato, que é a glicose, tem uma demanda de 150 g/dia (0,7 mM/g/min. A metabolização intracelular parece ser controlada pela fosfofrutoquinase. A manose e os produtos intermediários do metabolismo (frutose 1,6 bifosfato, piruvato, lactato e acetato podem substituir, em parte, a glicose, quando os níveis sangüíneos desta encontram-se elevados. Quando oxidado, o lactato chega a responder por 21% do consumo cerebral de Ov Em situações de isquemia e inflamação infecciosa, o tecido cerebral passa de consumidor a produtor de lactato. Os corpos cetônicos também podem reduzir as necessidades cerebrais de glicose desde que oferecidos em quantidades suficientes ao encéfalo. Entretanto, devem ser considerados como um substrato complementar e nunca alternativo da glicose, pois comprometem a produção cerebral de succinil CoA e GTP. Quanto aos demais substratos, embora apresentem condições metabólicas, não existem demonstrações consistentes de que o cérebro produza energia a partir dos ácidos graxos sistêmicos, mesmo em situações de hipoglicemia. De maneira análoga, etanol e glicerol são considerados apenas a nível de experimentação. A utilização dos aminoácidos é dependente da sua captação, limitada tanto pela baixa concentração sangüínea, como pela seletividade da BHE. A maior captação ocorre para os de cadeia ramificada e destes, a valina. A menor captação é a de aminoácidos sintetizados no c

    5. Fluctuations in Cerebral Hemodynamics

      National Research Council Canada - National Science Library

      Latka, Miroslaw

      2003-01-01

      We demonstrate that the scaling properties of intracranial pressure (ICP) fluctuations and fluctuations of blood flow velocity in middle cerebral arteries are characterized by two scaling exponents...

    6. Cerebral arteriovenous malformation

      Science.gov (United States)

      ... Alternative Names AVM - cerebral; Arteriovenous hemangioma; Stroke - AVM; Hemorrhagic stroke - AVM Patient Instructions Brain surgery - discharge Headache - what to ask your doctor Stereotactic ...

    7. Aspergilose cerebral em paciente imunocompetente Cerebral Aspergillus abscess in immunocompetent patient

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Geraldo Pianetti Filho

      2005-12-01

      Full Text Available Descrevemos um caso raro de aspergilose cerebral, como complicação de cirurgia para aneurisma cerebral, em paciente imunocompetente, e com sucesso no tratamento. A paciente, de 40 anos, havia sido submetida a craniotomia para clipagem de aneurisma da artéria pericalosa. Após cinco meses, no sitio cirúrgico, surgiram múltiplos abscessos por Aspergillus sp. Foram necessárias duas craniotomias para a retirada da massa fúngica e uso de anfotericina B. Após 14 anos de acompanhamento, a evolução mostra resolução da aspergilose, sem seqüela. O tratamento do abscesso cerebral por Aspergilus exige acompanhamento clínico contínuo, repetidas drenagens cirúrgicas intracranianas e o uso de anfotericina B no tratamento medicamentoso.We report an unusual case of brain aspergillosis with multiple recurrent abscess in a 40 years-old immunocompetent woman, with good therapeutical outcome. The patient presented a subaracnoid hemorhage caused by a ruptured pericalosal artery aneurysm and was submitted to a craniotomy for aneurysm surgery. Five months later, she developed multiple Aspergillus cerebral abscess. Two craniotomies and amphotericin B became necessary during treatment. Fourteen years later, she is asymptomatic. Treatment of brain aspergillosis abscess implied the combination of both surgical and drug therapy with amphotericin B.

    8. Diagnóstico de doenças metabólicas do sistema nervoso da infância por exame ultra-estrutural de tecido não cerebral Diagnosis of metabolic diseases of the nervous system in children through ultrastructural analysis of non cerebral tissue.

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      SÉRGIO ROSEMBERG

      1998-09-01

      Full Text Available Se bem que as análises bioquímica e de genética molecular sejam os métodos mais precisos para o diagnóstico de doenças metabólicas, os estudos morfológicos permanecem um método diagnóstico muito importante principalmente em países como o Brasil, onde os laboratórios clínicos não estão aptos a realizar a maior parte dos exames requeridos para o reconhecimento destas doenças. Ainda, o exame anátomo-patológico é o único método diagnóstico para certas doenças cujo defeito metabólico é desconhecido tais como as lipofuscinoses ceróides, a distrofia neuroaxonal infantil e a doença de Lafora. Apresentamos nossa experiência com análise ultra-estrutural em 582 exames de conjuntiva ocular (n=320, pele (n=92 ou nervo periférico (n=170 realizados entre 1975 e 1996, em 486 crianças. Em 112 casos, o exame revelou-se anormal. Em 59, o exame ultra-estrutural isoladamente fez o diagnóstico. Em 29 casos, o exame foi menos específico, tendo o diagnóstico final sido feito através da combinação da análise clínica e patológica. Nos 24 casos restantes, o diagnóstico genérico de uma mucopolissacaridose foi feito em 8 casos, de oligossacaridose em 4 e o de gangliosidose GM2 em 8. Sempre que a análise bioquímica pôde ser procedida, o diagnóstico ultra-estrutural foi confirmado. Estes resultados sublinham a importância do exame ultra-estrutural em tecidos não cerebrais em muitas doenças metabólicas, sobretudo quando testes bioquímicos não podem ser realizados.Although biochemical and molecular genetic analysis are the most precise methods for the diagnosis of metabolic diseases, morphological studies remain a very important diagnostic method mainly in countries like Brazil, where clinical laboratories are unable to perform most of the exams required for the diagnosis of these diseases. Moreover, pathologic evaluation is the single diagnostic method for some disorders whose metabolic defect is unknown such as neuronal

    9. Paralisia cerebral, novas perspectivas terapêuticas Cerebral palsy, new therapeutic possibilities

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Newra Tellechea Rotta

      2002-08-01

      Full Text Available Objetivo: a revisão da paralisia cerebral tem como objetivo oferecer ao pediatra informações atualizadas sobre o diagnóstico e tratamento. Fontes dos dados: foram utilizados dados de revisão bibliográfica não sistematizada e da experiência no atendimento dos pacientes da Unidade de Neurologia do Serviço de Pediatria do HCPA-UFRGS. Síntese dos dados: o diagnóstico e tratamento da paralisia cerebral é multidisciplinar. Ao lado do sintoma principal motor, estão os sintomas associados que requerem igual atenção. Os exames de neuroimagem são importantes para melhor localizar a lesão, e mostrar sua extensão e características. O EEG auxilia no diagnóstico das epilepsias associadas. O tratamento principal é fisioterápico, auxiliado pelo tratamento da espasticidade, com antiespásticos orais, ou com toxina botulínica injetável. O tratamento de epilepsia secundária varia de acordo com o tipo de crise. Conclusões: o pediatra é o primeiro médico a entrar em contato com a criança com paralisia cerebral, e deve estar apto para reconhecer precocemente os desvios do desenvolvimento, orientar o manejo e, dentro das possibilidades e necessidades, encaminhar ao especialista.Objective: to provide pediatrician with updated information about diagnoses and treatment of cerebral palsy. This articles aims at supplying pediatricians with tools that will help them diagnose and treat cerebral palsy. Sources: non-systematic review of literature combined with personal experience at the Neurology Unit of Pediatrics Service of Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Summary of the findings: the cerebral palsy diagnosis and treatment are based on multidisciplinary clinical exam, EEG, CT and MR. Conclusions: pediatricians are the first physician that see the patient with cerebral palsy. Thus, they should be able to diagnose an treat it.

    10. Cerebral Palsy (For Teens)

      Science.gov (United States)

      ... Feelings Expert Answers Q&A Movies & More for Teens Teens site Sitio para adolescentes Body Mind Sexual Health ... Educators Search English Español Cerebral Palsy KidsHealth / For Teens / Cerebral Palsy What's in this article? What Is ...

    11. Cerebral Palsy (For Kids)

      Science.gov (United States)

      ... First Aid & Safety Doctors & Hospitals Videos Recipes for Kids Kids site Sitio para niños How the Body Works ... Educators Search English Español Cerebral Palsy KidsHealth / For Kids / Cerebral Palsy What's in this article? What's CP? ...

    12. Dissecção espontânea da aorta abdominal infrarrenal

      OpenAIRE

      Camargo Junior,Otacílio de; Chrispim,Antonio Cláudio Guedes; Simões,Claudio Roberto Cabrini; Marcondes,Márcia Fayad; Abreu,Guilherme Camargo Gonçalves de; Meirelles,Guilherme Vieira; Moraes,Kelly Cristina de; Freitas,Marcio Villar de; Araújo,Marivan Pedra; Murta,Gustavo Braga

      2012-01-01

      A rotura da camada íntima que marca o início da dissecção aórtica se origina na maioria dos casos na aorta torácica, sendo rara a dissecção espontânea da aorta abdominal infra-renal. As três principais causas são: iatrogênica, traumática ou espontânea. A dor abdominal e a isquemia de membros são os sintomas mais comuns e um número significativo de pacientes e´ assintomatico. O diagnóstico tem sido feito através de métodos de imagem como ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonânci...

    13. Valor diagnóstico da cintilografia miocárdica em pacientes com doença coronariana multiarterial

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Maria Eduarda Menezes de Siqueira

      2011-09-01

      Full Text Available FUNDAMENTO: A cintilografia de perfusão miocárdica (CPM é um método não invasivo extremamente útil na avaliação de isquemia em portadores de doença coronária. Entretanto, persiste o conceito de que não seria um bom método para os portadores de doença coronária multiarterial. OBJETIVO: Avaliar o valor da CPM com gated-SPECT na identificação de isquemia induzida por estresse farmacológico em pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial. MÉTODOS: Foram incluídos 68 pacientes com diagnóstico de doença coronária obstrutiva multiarterial pela cineangiocoronariografia (cine para realização de CPM sob estímulo farmacológico com dipiridamol. Os exames foram analisados por dois médicos nucleares sem prévio conhecimento do resultado da cine. RESULTADOS: Dos pacientes, 64 (92,8% apresentaram alteração nas imagens de perfusão e 4 (7,2% apresentaram perfusão normal, sendo que, destes, três apresentaram alterações funcionais na análise do gated-SPECT. CONCLUSÃO: A CPM mostrou-se de grande valor na identificação de pacientes portadores de doença coronária multiarterial, já que a maioria dos pacientes apresentou alterações perfusionais sugestivas de isquemia.

    14. Determinação do peptídeo natriurético cerebral humano em portadores da doença de Chagas Measurement of human brain natriuretic peptide in patients with Chagas' disease

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Railton Bezerra de Melo

      2005-02-01

      Full Text Available OBJETIVO: Determinar os níveis séricos do peptídeo natriurético cerebral (PNB em pacientes com cardiopatia chagásica crônica e em indivíduos com sorologia positiva para doença de Chagas sem comprometimento cardíaco, e correlacionar os níveis de PNB com o grau de comprometimento cardíaco, dimensões cardíacas, presença de marcapasso e fração de ejeção. MÉTODOS: Concentrações séricas de PNB foram determinadas através do Triage® - BNP Test, produzido pela BIOSITE®. Foi avaliado o PNB sérico de 25 indivíduos do ambulatório de doença de Chagas do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, distribuídos em 2 grupos, um, G1; composto por 13 portadores de sorologia positiva para doença de Chagas, assintomáticos e sem cardiopatia detectável pelo eletrocardiograma, radiografia do tórax e ecocardiograma, o outro, G2; por 12 portadores da doença de Chagas com comprometimento cardíaco. RESULTADOS: Níveis significativamente mais elevados de PNB foram detectados nos pacientes chagásicos com comprometimento cardíaco: (G1=4,4±4,4 pg/ml, G2=293,0±460,2 pg/ml pOBJECTIVE: To measure the serum levels of brain natriuretic peptide (BNP in patients with chronic chagasic heart disease and in individuals with positive serology for Chagas' disease and no heart impairment, and to correlate the serum BNP levels with the degree of cardiac impairment, cardiac dimensions, presence of a pacemaker, and ejection fraction. METHODS: Serum BNP concentrations were determined by use of the Triage - BNP Test produced by BIOSITE. Serum BNP was assessed in 25 patients from the Chagas' disease outpatient clinic of the Hospital Universitário Oswaldo Cruz, who were divided into 2 groups as follows: 1 G1 - comprising 13 assymptomatic patients with positive serology for Chagas' disease and no heart disease detectable on electrocardiography, chest X-ray, and echocardiography; and 2 G2 - comprising 12 patients with Chagas' disease and heart impairment. RESULTS

    15. Uso de dexmedetomidina em anestesia geral para tratamento cirúrgico de aneurisma cerebral, em paciente gestante, portadora de doença hipertensiva específica da gestação: relato de caso Uso de dexmedetomidina en anestesia general para tratamiento quirúrgico de aneurisma cerebral, en paciente embarazada, portadora de enfermedad hipertensiva específica del embarazo: relato de caso Dexmedetomidine in general anesthesia for surgical treatment of cerebral aneurysm in pregnant patient with specific hypertensive disease of pregnancy: case report

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Kleber Machareth de Souza

      2005-04-01

      Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A incidência de cirurgias não obstétricas em pacientes gestantes é de 0,36% a 2%. No entanto, cirurgias visando o tratamento cirúrgico de aneurisma cerebral em gestantes são extremamente raras. A doença hipertensiva específica da gestação, apresenta prevalência clínica de 10% na população gestante. Trata-se de uma doença de elevada complexidade clínica, acometendo múltiplos órgãos e sistemas. A dexmedetomidina, fármaco agonista alfa2, apresenta importante seletividade para estes receptores, quando utilizada em doses clínicas terapêuticas e promove adequada estabilidade hemodinâmica, se empregada no período peri-operatório. O objetivo deste relato foi apresentar uma técnica com a qual fosse possível a manutenção da homeostase materna, preservando ao máximo o fluxo sangüíneo útero-placentário e a vitalidade fetal, sem deixar de lado aspectos fundamentais relativos à otimização da relação oferta/demanda de oxigênio cerebral e adequação das condições do tecido cerebral propícias ao manuseio cirúrgico. RELATO DO CASO: Gestante com 19 anos encaminhada para tratamento cirúrgico de aneurisma cerebral, estando na vigésima sétima semana de gestação. No pré-operatório, apresentava-se consciente, orientada, com presença de déficit à esquerda e quadro clínico compatível com toxemia gravídica. Foi administrada dexmedetomidina (1 µg.kg-1 em 20 minutos, seguida de indução anestésica com propofol (2,5 mg.kg-1, fentanil (7,5 µg.kg-1, lidocaína (1 mg.kg-1 e rocurônio (2 mg.kg-1 em seqüência rápida. A manutenção da anestesia foi obtida com propofol (50 µg.kg-1.min-1, alfentanil (1 µg.kg-1.min-1 e dexmedetomidina (0,7 µg.kg-1.min-1. A cirurgia foi realizada sem qualquer intercorrência, não havendo seqüela neurológica subjacente. CONCLUSÕES: Neste caso o uso da dexmedetomidina tornou possível um adequado manuseio hemodinâmico, mantendo otimizado o fluxo sang

    16. Prevenção primária da síndrome de Down e da doença de Alzheimer: Investigação de polimorfismos gênicos acentuadores da deposição cerebral de beta amilóide

      OpenAIRE

      Juliana da Cruz Corrêa

      2009-01-01

      O desenvolvimento de mudanças neuropatológicas características da doença de Alzheimer (DA) nos portadores de síndrome de Down (SD) a partir dos 40 anos de idade e a alta taxa de indivíduos com SD em famílias nas quais a DA está presente sugerem uma susceptibilidade comum entre as duas doenças. Além disso, mulheres jovens (T no gene PSEN1 e -850C>T no gene TNF-α em mães de portadores da SD em comparação com mães de indivíduos cromossomicamente normais. Para isto, amostras de DNA foram ext...

    17. Effects of Ginkgo biloba extract on cerebral oxygen and glucose metabolism in elderly patients with pre-existing cerebral ischemia.

      Science.gov (United States)

      Xu, Lili; Hu, Zhiyong; Shen, Jianjun; McQuillan, Patrick M

      2015-04-01

      Cerebral injury caused by hypoperfusion during the perioperative period is one of the main causes of disability and death in patients after major surgery. No effective protective or preventative strategies have been identified. This study was designed to evaluate the effects of Ginkgo biloba extract on cerebral oxygen and glucose metabolism in elderly patients with known, pre-existing cerebral ischemia. Sixty ASA (American Society of Anesthesiologists) II-III patients, diagnosed with vertebral artery ischemia by transcranial Doppler ultrasonography (TCD), and scheduled for elective total hip replacement surgery, were enrolled in the study. They were randomly allocated to receive either 1mg/kg Ginkgo biloba extract (G group n=30) or normal saline (D group n=30) after induction of anesthesia. Blood samples were collected from radial artery and jugular venous bulb catheters for blood gas analysis and determination of glucose and lactate concentrations preoperatively, before surgical incision, at the end of surgery, and on post-op day 1. Arterial O2 content (CaO2), jugular venous O2 content (CjvO2), arteriovenous O2 content difference (Da-jvO2), cerebral oxygen extraction rate (CEO2), and arteriovenous glucose and lactate content differences (Da-jvGlu and Da-jvLac) were calculated. There were no significant differences in CaO2 or Da-jvGlu during surgery between groups (p>0.05). However, the Ginkgo group had higher CjvO2, internal jugular venous oxygen saturation (SjvO2) and lower CEO2, Da-jvO2 and Da-jvLac at the end of surgery (T2) and on post-op day 1 (T3) than those in the control group (pGinkgo biloba extract can improve cerebral oxygen supply, decrease cerebral oxygen extraction rate and consumption, and help maintain the balance between cerebral oxygen supply and consumption. It has no effect, however, on cerebral glucose metabolism in elderly patients with known, pre-existing cerebral ischemia. Copyright © 2015 Elsevier Ltd. All rights reserved.

    18. Efeito da administração de uma dieta enteral com antioxidantes sobre as concentrações plasmáticas de tióis totais, carbonilas de proteínas e malondialdeído após acidente vascular cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Lorene Simioni Yassin

      2012-04-01

      Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito da administração de uma dieta enteral industrializada com antioxidantes sobre as concentrações plasmáticas de tióis totais, carbonilas de proteínas e malondialdeído em pacientes após acidente vascular cerebral. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 14 pacientes de um hospital geral que iniciaram nutrição enteral 48 horas após o evento. Falência múltipla, insuficiência hepática, obesidade mórbida e diabetes Mellitus associados foram critérios de exclusão. A dieta industrializada ofertada por gotejamento contínuo, com uso de bombas infusoras, continha mix de carotenoides, vitaminas C, E e minerais Se, Zn e Cu em sua formulação. As amostras de sangue foram coletadas antes do início da administração da dieta e após cinco dias de início da dieta enteral, somente de pacientes que tivessem recebido o volume necessário para completar o gasto energético total. Tióis plasmáticos e carbonilas de proteína foram determinados por meio do Reagente de Ellman e pela reação com dinitrofenilhidrazina respectivamente. O malondialdeído foi obtido pela determinação de substâncias reativas do ácido tiobarbitúrico. RESULTADOS: A média de idade foi M=70,3, DP=14,1 anos. Todos receberam acima de 100% da Dietary Reference Intakes para nutrientes antioxidantes, que não ultrapassaram os limites superiores toleráveis de ingestão. Não houve alteração da concentração de tióis, mas houve aumento da formação de carbonilas de proteínas (p=0,034. Nos pacientes entubados, esse marcador mostrou-se significativamente maior (p=0,048 após administração da dieta. Não houve diferença nas concentrações de malondialdeído após a oferta de antioxidantes dietéticos. CONCLUSÃO: A análise de biomarcadores não demonstrou redução do estresse oxidativo após administração de dieta enteral industrializada com antioxidantes.

    19. RSR13 e modificação alostérica da afinidade hemoglobina-oxigênio: abuso entre atletas RSR13 and allosteric change in the hemoglobin-oxygen afinity: abuse among athletes

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Antonio Claudio Lucas da Nóbrega

      2002-02-01

      Full Text Available O ácido metilpropiônico (RSR13 é um modificador alostérico da hemoglobina, com a qual se liga de forma não-covalente, diminuindo sua afinidade pelo oxigênio de modo dose-dependente e, conseqüentemente, aumentando a oxigenação periférica. O objetivo deste artigo é apresentar brevemente as evidências científicas acerca das características farmacológicas e funcionais, indicações médicas e efeitos adversos do uso do RSR13 por atletas, a mais recente alternativa de aumento artificial do desempenho. Estudos experimentais preliminares verificaram algum efeito positivo do RSR13 sobre a recuperação do miocárdio isquêmico e sobre a extensão da isquemia cerebral, mas as principais indicações estudadas atualmente são a cirurgia com hipotermia e cardioplegia durante circulação extracorpórea e o uso como agente coadjuvante potenciador da radioterapia para certos tumores sólidos. Somente um estudo em modelo canino mostrou aumento do consumo máximo de oxigênio em músculo isolado, não existindo evidências de que o RSR13 possa efetivamente melhorar o desempenho em humanos. Em realidade, já foram descritos efeitos adversos, como diminuição da perfusão sanguínea, elevação da pressão arterial e diminuição da função renal. Antecipando o potencial aumento da utilização do RSR13 por atletas, métodos já foram desenvolvidos para sua detecção em amostras de urina humana.Methylpropionic acid (RSR13 is an allosteric hemoglobin modifier to which it binds in a non-covalent manner, reducing its affinity to oxygen in a dose-dependent fashion, and consequently, increasing peripheral oxygenation. The purpose of this article is to briefly present scientific evidence concerning pharmacological and functional characteristics, medical indications, and adverse effects of RSR13 use by athletes, the most recent alternative to enhance performance artificially. Preliminary experimental studies have verified some positive effect of RSR13

    20. Dolor Cráneo-facial como Síntoma Aislado de Isquemia Cardíaca: Estudio prospectivo y multicéntrico

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Marcelo Kreiner

      Full Text Available RESUMEN Antecedentes. El dolor craneofacial puede ser el único síntoma de una isquemia cardíaca. El fracaso en reconocer el origen cardíaco de dicho dolor puede poner en riesgo la vida del paciente. Los autores realizaron un estudio para revelar la prevalencia, la distribución y las diferencias entre sexos en lo que respecta al dolor craneofacial de origen cardíaco. Métodos. Los autores seleccionaron de forma prospectiva pacientes consecutivos (n= 186 que habían presentado un episodio isquémico cardíaco verificado. Estudiaron en detalle la localización y distribución del dolor craneofacial e intraoral. Resultados. El dolor cráneofacial fue el único síntoma durante el episodio isquémico en 11 pacientes (6%, tres de los cuales presentaron un infarto agudo de miocardio (IAM. Otros 60 pacientes (32% comunicaron dolor cráneofacial concomitantemente a dolor en otras regiones. Las localizaciones más frecuentes del dolor cráneofacial fueron la garganta, la región mandibular izquierda, la región mandibular derecha, la articulación temporomandibular izquierda / oído y dientes. El dolor cráneofacial se manifestó de forma predominante en mujeres (P= 0,031 y fue el síntoma dominante en ambos sexos en ausencia de dolor torácico. Conclusiones. El dolor cráneofacial es inducido frecuentemente por isquemia cardíaca. Esta causa debe tenerse en cuenta en el diagnóstico diferencial del dolor dental y orofacial. Implicaciones clínicas. Debido a que los pacientes que tienen un IAM sin dolor torácico corren un mayor riesgo de no ser correctamente diagnosticados y de muerte, el alerta del clínico sobre esta sintomatología puede ser crucial para el diagnóstico precoz y un rápido tratamiento

    1. Cerebral haematocrit measurement

      International Nuclear Information System (INIS)

      Loutfi, Issa.

      1987-01-01

      Regional cerebral haematocrit was measured in a group of sixteen subjects by the single-photon emission computerized tomography method. This group included three normal subjects as controls and thirteen patients affected with ischaemic cerebral disease presenting clinically with transient ischaemic attacks-six patients - or recent cerebral stroke - seven patients. Two intravenous radioactive tracers - technetium-99m labelled autologous red blood cells and Tc-99m human serum albumin were used. Cerebral tomographic imaging was performed using a rotating scintillation camera. The values of cerebral haematocrit obtained, taken as a ratio to venous haematocrit, range between 0.65-0.88 in the subjects studied. As a general finding in normal subjects and in patients with transient ischaemic attacks, no significant difference between right and left hemispheric haematocrit value was noted. However, in the group of patients affected with stroke, a significant difference in the right versus left hemispheric Hct was observed in 3 patients, the higher Hct value corresponding to the affected side. The clinical implication is on the emphasis of cerebral Hct measurement when the measurement of cerebral blood flow or volume is sought. Also the variation in regional Hct value observed in patients with stroke, above mentioned, points to a regulation mechanism of the blood composition for optimal oxygen delivery to the brain that is impaired in these patients. 14 refs. (Author)

    2. Análise de custo-efetividade da trombólise com alteplase no Acidente Vascular Cerebral Análisis de costo-efectividad de la trombólisis con alteplase en el accidente vascular cerebral Analysis of the cost-effectiveness of thrombolysis with alteplase in stroke

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Denizar Vianna Araújo

      2010-07-01

      Full Text Available FUNDAMENTO: Acidente Vascular Cerebral (AVC é a principal causa de óbito no Brasil e pouca informação está disponível sobre custo do tratamento. OBJETIVO: Elaborar análise de custo-efetividade da trombólise no AVC, até três horas após o início dos sintomas, comparando o tratamento com alteplase versus conservador, sob a perspectiva do Sistema Único de Saúde (SUS. MÉTODOS: Modelo de análise de decisão foi desenvolvido para comparar os dois tratamentos. Ciclos foram considerados, durante os quais pacientes poderiam transitar entre cinco estágios de incapacidade pós-AVC, baseados na escala modificada de Rankin. A probabilidade de apresentar hemorragia intracerebral no primeiro ano foi obtida do ensaio NINDS. Para os anos subsequentes, ciclos de um ano foram considerados, para contabilizar a mortalidade dos pacientes. O desfecho foi expresso em Anos de Vida Ajustados pela Qualidade (QALY. Tanto os custos diretos quanto os indiretos foram considerados na análise. Custos e desfecho foram descontados em 5% ao ano. RESULTADOS: No primeiro ano, o QALY ganho foi de 0,06 para ambos os gêneros, com custo incremental de R$ 2.558 para homens e R$ 2.312 para mulheres. A razão de custo-efetividade incremental em um ano foi de R$ 40.539 / QALY (USD 28.956 para homens e R$ 36.640 / QALY (USD 26.171 para mulheres. Após o segundo ano, o tratamento com alteplase reduziu o custo do tratamento (índice de Paridade do Poder de Compra US$ 1 = R$ 1,4. CONCLUSÃO: Terapia trombolítica com alteplase nas primeiras três horas após o AVC é custo-efetiva no cenário do Sistema Único de Saúde.FUNDAMENTO: Accidente Vascular Cerebral (AVC es la principal causa de óbito en el Brasil y poca información está disponible sobre el costo del tratamiento. OBJETIVO: Elaborar análisis de costo-efectividad de la trombólisis en el AVC, hasta tres horas después del comienzo de los síntomas, comparando el tratamiento con alteplase versus conservador, bajo la

    3. Disfunção intestinal em pacientes com lesão cerebral decorrente de acidente vascular cerebral e traumatismo craniencefálico: estudo retrospectivo de uma série de casos

      OpenAIRE

      Cinthia Carlos Dourado; Tânia Mara Nascimento de Miranda Engler; Sandro Barbosa de Oliveira

      2012-01-01

      La disfunción del intestino es una queja común entre los pacientes con daño cerebral debido a una lesión cerebral traumática y accidente cerebrovascular. Este estudio tuvo como objetivo investigar la prevalencia de disfunción del intestino (incontinencia y constipación) en pacientes con daño cerebral debido a una lesión cerebral traumática y accidente cerebrovascular admitidos para la rehabilitación. Este es un estudio retrospectivo de una serie de casos a partir del análisis de los datos de ...

    4. Disfunção intestinal em pacientes com lesão cerebral decorrente de acidente vascular cerebral e traumatismo craniencefálico: estudo retrospectivo de uma série de casos

      OpenAIRE

      Dourado, Cinthia Carlos; Engler, Tânia Mara Nascimento de Miranda; Oliveira, Sandro Barbosa de

      2012-01-01

      A disfunção intestinal é uma queixa comum entre pacientes com lesão cerebral decorrente de Acidente Vascular Cerebral e Traumatismo Craniencefálico. Este estudo objetivou pesquisar a prevalência da disfunção intestinal (incontinência anal e constipação intestinal) em pacientes com lesão cerebral decorrente de Acidente Vascular Cerebral e Traumatismo Craniencefálico, admitidos para reabilitação. Trata-se de um estudo retrospectivo de uma série de casos, a partir da análise dos dados de 138 pro...

    5. Efeitos do pentobarbital sódico sobre a atividade elétrica cerebral do rato com lesões da formação reticular mesencefálica Action of sodium pentobarbital on the cortical electrical activity of the rat after lesion of the midbrain reticular formation

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Walter C. Pereira

      1970-12-01

      Full Text Available Para êste estudo foram empregados 35 ratos da raça Wistar em preparação aguda (24 com lesão bilateral e 11 com lesão unilateral da formação reticular mesencefálica e 18 preparações crônicas. O método empregado na obtenção das preparações foi descrito em trabalho anterior12. O objetivo desta série de experiências foi o de verificar de que maneira o pentobarbital interfere sobre as características da atividade elétrica cortical após lesão da formação reticular mesencefálica. Para tal, em animais preparados agudamente, foram feitas lesões progressivamente mais extensas e o barbitúrico injetado por via intravenosa em doses crescentes. A fim de testar a integridade do sistema reticular ativador ascendente, além de estímulos dolorosos intensos, aplicávamos pulsos de 5 a 10 V, 100 Hz, e 0,1 ms à formação reticular mesencefálica situada abaixo da região lesada. A ausência de reação de alerta cortical (dessincronização nos assegurava que tal sistema havia sido lesado completamente. Nas preparações crônicas o pentobarbital era injetado por via intraperitoneal. Dessas experiências concluimos o seguinte: 1. Aumento da sincronização do eletrocorticograma nos animais com lesões parciais ou totais da formação reticular mesencefálica. 2. Depressão acentuada e precoce da atividade elétrica cerebral nos ratos com lesão muito extensa (comprometendo também a porção ventrobasal do tálamo. 3. Isocronismo da atividade elétrica cortical nos dois hemisférios cerebrais. 4. O pentobarbital parece agir tanto sobre os sistemas ativadores como sobre o sincronizador do eletrocorticograma. As doses pequenas deprimem os primeiros, liberando o segundo, enquanto que as maiores bloqueiam também este último. Sòmente doses muito mais altas é que fazem desaparecer totalmente a atividade do córtex cerebral, que se mostra, portanto, mais resistente à ação da droga.This study was performed on 35 albino rats prepared for

    6. Aneurismas da artéria e da veia braquial induzidos por uso contínuo de muleta: relato de caso

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Débora Louise Lopes da Costa

      2017-11-01

      Full Text Available Resumo O aneurisma arterial induzido por uso de muleta é um evento raro, e a associação com aneurismas venosos não está descrita na literatura. Relatamos o caso de uma paciente que, após o uso prolongado dessa órtese, apresentou quadro de isquemia aguda de membro superior secundária à trombose de um aneurisma da artéria braquial, associado ao achado incidental de aneurismas da veia braquial. Embora a principal causa de oclusão arterial aguda de membro superior seja a embolização de fonte cardíaca, deve-se considerar a possibilidade de embolização arterioarterial por aneurismas provocados pelo uso prolongado de muletas. Os aneurismas venosos também devem ser suspeitados, uma vez que podem ser sede de trombos e fonte de êmbolos pulmonares.

    7. Neonatal Cerebral Sinovenous Thrombosis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      J Gordon Millichap

      2006-04-01

      Full Text Available The presentation, treatment, and outcome of neonatal cerebral sinovenous thrombosis (SVT were studied in 42 children, using neurology clinic records (1986-2005 at Indiana University School of Medicine.

    8. Cerebral Manifestations of Preeclampsia

      NARCIS (Netherlands)

      I.A. Brussé (Ingrid)

      2016-01-01

      textabstractThis thesis intends to describe and explain the course of clinical neurophysiological and neuropsychological parameters in patients with hypertensive disorders in pregnancy. We aimed to improve knowledge on cerebral pathophysiological mechanisms of preeclampsia related to signs and

    9. Demonstration of cerebral vessels by multiplane computed cerebral angiotomography

      International Nuclear Information System (INIS)

      Asari, Syoji; Satoh, Toru; Sakurai, Masaru; Yamamoto, Yuji; Sadamoto, Kazuhiko.

      1981-01-01

      1. Cerebral arteries and veins were demonstrated by multiplane computed cerebral angiotomography [combination of axial, modified coronal, half axial (Towne), and semisagittal planes]. The vessels which were demonstrated by various planes were as follows: Axial plane: Willis ring, middle cerebral arteries (horizontal and insular portions), anterior cerebral arteries (Horizontal and ascending portions), posterior cerebral arteries, basal vein of Rosenthal, internal cerebral veins (and the subependymal veins which join the ICV), and vein of Galen. Coronal plane: intermal carotid arteries (supraclinoid portion), anterior cerebral arteries (horizontal portion), middle cerebral arteries (horizontal and insular portions), lenticulostriate arteries, basal vein of Rosenthal (and the subependymal veins which join this vessel), internal cerebral veins, and vein of Galen. Half axial plane (Towne projection): basilar artery, vertebral arteries, posterior cerebral arteries, superior cerebellar arteries, middle cerebral arteries (horizontal portion), and anterior cerebral arteries (horizontal and ascending portions). Semisagittal plane: internal carotid artery (supraclinoid portion), posterior communicating artery, posterior carebral artery, superior cerebellar artery, internal cerebral vein, basal vein of Rosenthal, vein of Galen, and straight shinus. 2. A detailed knowledge of normal cerebrovascular structures acquired by computed tomography (CT) is essential in detecting and more precisely localizing lesions such as cerebrovascular disease, neoplasm or abscess, in differentiating these lesions from the normal contrast-enhanced structures, and in understanding the spatial relationship between the mass lesion and the neighboring vessels. In addition, it will be possible to discover such asymptomatic cerebrovascular diseases as non-ruptured aneurysms, arteriovenous malformations, and Moyamoya disease by means of computed cerebral angiotomography. (author)

    10. Acute ischemic cerebral attack

      OpenAIRE

      Franco-Garcia Samir; Barreiro-Pinto Belis

      2010-01-01

      The decrease of the cerebral blood flow below the threshold of autoregulation led to changes of cerebral ischemia and necrosis that traduce in signs and symtoms of focal neurologic dysfunction called acute cerebrovascular symdrome (ACS) or stroke. Two big groups according to its etiology are included in this category the hemorragic that constitue a 20% and the ischemic a 80% of cases. Great interest has wom the ischemic ACS because of its high social burden, being the third cause of no violen...

    11. Nanomedicine in cerebral palsy

      Science.gov (United States)

      Balakrishnan, Bindu; Nance, Elizabeth; Johnston, Michael V; Kannan, Rangaramanujam; Kannan, Sujatha

      2013-01-01

      Cerebral palsy is a chronic childhood disorder that can have diverse etiologies. Injury to the developing brain that occurs either in utero or soon after birth can result in the motor, sensory, and cognitive deficits seen in cerebral palsy. Although the etiologies for cerebral palsy are variable, neuroinflammation plays a key role in the pathophysiology of the brain injury irrespective of the etiology. Currently, there is no effective cure for cerebral palsy. Nanomedicine offers a new frontier in the development of therapies for prevention and treatment of brain injury resulting in cerebral palsy. Nanomaterials such as dendrimers provide opportunities for the targeted delivery of multiple drugs that can mitigate several pathways involved in injury and can be delivered specifically to the cells that are responsible for neuroinflammation and injury. These materials also offer the opportunity to deliver agents that would promote repair and regeneration in the brain, resulting not only in attenuation of injury, but also enabling normal growth. In this review, the current advances in nanotechnology for treatment of brain injury are discussed with specific relevance to cerebral palsy. Future directions that would facilitate clinical translation in neonates and children are also addressed. PMID:24204146

    12. Analise da correlação entre o tono muscular, força muscular e as funções motoras em crianças com paralisia cerebral tetraparetica espastica devido a lesões hipoxico- isquemicas

      OpenAIRE

      Cristina Iwabe

      2003-01-01

      Resumo: A paralisia cerebral (PC) é um quadro clínico geralmente conseqüente à agressão não progressiva do cérebro em desenvolvimento, caracterizando-se por alterações do tono, força muscular e função motora. O objetivo deste estudo foi analisar a interferência do tono e força muscular nas funções motoras em crianças com paralisia cerebral tetraparética (pC-T) espástica devido a lesões hipóxico-isquêmicas (LHI). Foram avaliadas 15 crianças com diagnóstico de PC-T espástica na faixa etária de ...

    13. Cerebral palsy and congenital malformations

      DEFF Research Database (Denmark)

      Garne, Ester; Dolk, Helen; Krägeloh-Mann, Inge

      2007-01-01

      AIM: To determine the proportion of children with cerebral palsy (CP) who have cerebral and non-cerebral congenital malformations. METHODS: Data from 11 CP registries contributing to the European Cerebral Palsy Database (SCPE), for children born in the period 1976-1996. The malformations were...... classified as recognized syndromes, chromosomal anomalies, cerebral malformations or non-cerebral malformations. Prevalence of malformations was compared to published data on livebirths from a European database of congenital malformations (EUROCAT). RESULTS: Overall 547 out of 4584 children (11.9%) with CP...... were reported to have a congenital malformation. The majority (8.6% of all children) were diagnosed with a cerebral malformation. The most frequent types of cerebral malformations were microcephaly and hydrocephaly. Non-cerebral malformations were present in 97 CP children and in further 14 CP children...

    14. The association atorvastatin-meloxicam reduces brain damage, attenuating reactive gliosis subsequent to arterial embolism = La asociación atorvastatina-meloxicam reduce el daño cerebral, atenuando la gliosis reactiva consecuente a embolismo arterial

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Marcela Hernández Torres

      2013-10-01

      Full Text Available The association atorvastatin-meloxicam reduces brain damage, attenuating reactive gliosis subsequent to arterial embolism Introduction: Stroke is the leading cause of disability and the third of death in Colombia and in the world and it is associated with neurodegenerative and mental diseases. Objective: To determine the effects of the atorvastatin- meloxicam association on reactive gliosis in a model of cerebral ischemia produced by arterial embolization. Materials and methods: 56 adult male Wistar rats were used, divided into four ischemic and four control groups, plus 10 additional animals to determine the distribution and extent of infarction by injury in six of them and simulation (sham in the remaining four. The treatments were: placebo, atorvastatin (ATV, meloxicam (MELOX and ATV + MELOX in ischemic and simulated animals. 24 hours post-ischemia mitochondrial enzymatic activity was evaluated with triphenyl- tetrazolium (TTC, and at 120 hours astrocytic reactivity (anti-GFAP was analyzed by conventional immunohistochemistry. Results: The association ATV + MELOX favored the modulation of the response of protoplasmatic and fibrous astrocytes in both the hippocampus and the paraventricular zone by reducing their hypereactivity. Conclusion: Atorvastatin and meloxicam, either individually or associated, reduce cerebral damage by lessening the reactive gliosis produced by arterial embolization; this suggests new mechanisms of neuroprotection against thromboembolic cerebral ischemia, and opens new perspectives in its early treatment.

    15. O retorno da estimulação cerebral na terapêutica dos transtornos neuropsiquiátricos: o papel da estimulação magnética transcraniana na prática clínica The answer of the transcranial magnetic stimulation in the brain desordes: transcranial magnetic stimulation in the clinical practice

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Felipe Fregni

      2004-01-01

      Full Text Available Estimulação magnética transcraniana (EMT é uma nova técnica capaz de estimular o cérebro humano com algumas vantagens sobre as já existentes. A EMT é indolor, não-invasiva, simples de ser aplicada e, mais importante, é considerada de baixo risco para pesquisas em seres humanos. Essa nova ferramenta tem sido proposta para ser usada como tratamento de diversas doenças neurológicas e psiquiátricas. A EMT pode atuar modulando a excitabilidade cortical no cérebro humano. Portanto, essa técnica pode ser usada no tratamento de patologias cerebrais que cursem com alterações de excitabilidade cortical, como epilepsia, acidente vascular cerebral, distonia, doença de Parkinson, depressão e esquizofrenia. Alguns desses transtornos têm sido extensivamente estudados, tal como a depressão, porém os resultados ainda não permitem a aplicação desse método na prática clínica. Entretanto, no futuro, a EMT pode se tornar uma poderosa ferramenta na terapêutica em neuropsiquiatria. O objetivo do autor nesta revisão foi de apresentar os princípios básicos da EMT e discutir os resultados preliminares dos estudos publicados sobre o uso dessa técnica no tratamento das doenças psiquiátricas e neurológicas.Transcranial magnetic stimulation (TMS is a new technique capable of stimulating the brain with some advantages over existing ones. TMS is painless, non-invasive, simple to apply and, more importantly, it is considered of low risk for research in human. This new tool has been proposed to be used in several neurologic and psychiatric diseases. The mechanism of TMS action might be based on the modulation of cortical brain excitability. Therefore, brain disorders with cortical excitability dysfunction such as epilepsy, stroke, distonia, Parkinson disease, depression and schizophrenia may be benefited from this method. Some of these disorders have been extensively studied during the last decade - such as depression - but the results to date

    16. Monitoring of cerebral haemodynamics in newborn infants

      DEFF Research Database (Denmark)

      Liem, K Djien; Greisen, Gorm

      2010-01-01

      The most important cerebrovascular injuries in newborn infants, particularly in preterm infants, are cerebral haemorrhage and ischemic injury. The typical cerebral vascular anatomy and the disturbance of cerebral haemodynamics play important roles in the pathophysiology. The term 'cerebral haemod...

    17. La concentración de mercado en el sector farmacéutico colombiano 2002-2003. Un análisis parcial para las enfermedades cerebrovasculares e isquemias, diabetes mellitus y morbimortalidad cardiovascular.

      OpenAIRE

      Jiménez,Ismarlen; Hurtado R, Álvaro

      2005-01-01

      Este trabajo estudia la concentración de mercado del sector farmacéutico colombiano para diferentes grupos farmacológicos, teniendo en cuenta el índice de Hefindahl en los años 2002 y 2003. Metodológicamente, se parte de los indicadores de mortalidad para el año 2002, de donde se obtienen las principales causas de muerte para la población mayor de 45 años, esto es; enfermedades cerebrovasculares e isquemias, diabetes, enfermedades cardiovasculares y enfermedades crónicas de las vías respirato...

    18. La concentración de mercado en el sector farmacéutico colombiano 2002-2003. Un análisis parcial para las enfermedades cerebrovasculares e isquemias, diabetes mellitus y morbimortalidad cardiovascular

      OpenAIRE

      Ismarlen Jiménez; Álvaro Hurtado R

      2005-01-01

      Este trabajo estudia la concentración de mercado del sector farmacéutico colombiano para diferentes grupos farmacológicos, teniendo en cuenta el índice de Hefindahl en los años 2002 y 2003. Metodológicamente, se parte de los indicadores de mortalidad para el año 2002, de donde se obtienen las principales causas de muerte para la población mayor de 45 años, esto es; enfermedades cerebrovasculares e isquemias, diabetes, enfermedades cardiovasculares y enfermedades crónicas de las vías respirato...

    19. Cerebral hemodynamics in migraine

      DEFF Research Database (Denmark)

      Hachinski, V C; Olesen, Jes; Norris, J W

      1977-01-01

      Clinical and angiographic findings in migraine are briefly reviewed in relation to cerebral hemodynamic changes shown by regional cerebral blood flow (rCBF) studies. Three cases of migraine studied by the intracarotid xenon 133 method during attacks are reported. In classic migraine, with typical...... prodromal symptoms, a decrease in cerebral blood flow has been demonstrated during the aura. Occasionally, this flow decrease persists during the headache phase. In common migraine, where such prodromata are not seen, a flow decrease has not been demonstrated. During the headache phase of both types...... of migraine, rCBF has usually been found to be normal or in the high range of normal values. The high values may represent postischemic hyperemia, but are probably more frequently secondary to arousal caused by pain. Thus, during the headache phase rCBF may be subnormal, normal or high. These findings do...

    20. Duplicated middle cerebral artery

      Science.gov (United States)

      Perez, Jesus; Machado, Calixto; Scherle, Claudio; Hierro, Daniel

      2009-01-01

      Duplicated middle cerebral artery (DMCA) is an anomalous vessel arising from the internal carotid artery. The incidence DMCA is relatively law, and an association between this anomaly and cerebral aneurysms has been documented. There is a controversy whether DMCA may have perforating arteries. This is an important fact to consider in aneurysm surgery. We report the case of a 34-year-old black woman who suffered a subarachnoid hemorrhage and the angiography a left DMCA, and an aneurysm in an inferior branch of the main MCA. The DMCA and the MCA had perforating arteries. The aneurysm was clipped without complications. The observation of perforating arteries in our patient confirms that the DMCA may have perforating arteries. This is very important to be considered in cerebral aneurysms surgery. Moreover, the DMCA may potentially serve as a collateral blood supply to the MCA territory in cases of MCA occlusion. PMID:22140405

    1. Diaschisis with cerebral infarction

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Slater, R.; Reivich, M.; Goldberg, H.; Banka, R.; Greenberg, J.

      1977-01-01

      Fifteen patients admitted to Philadelphia General Hospital with acute strokes had repeated measurements of cerebral blood flow measured by the /sup 133/X inhalation method. A progressive decline in cerebral blood flow in both hemispheres was observed during the first week after infarction in twelve of these patients. This decline could be partially explained by loss of autoregulation, but could not be correlated with level of consciousness, clinical status of PCO2. This progressive decline in flow in the non-ischemic hemisphere indicates a process more complex than a simple destruction of axonal afferants to neurons as implied by the term diaschisis. The flow changes in the non-ischemic hemisphere are likely caused by a combination of the immediate effects of decreased neuronal stimulation modified by loss of autoregulation, release of vasoactive substances, cerebral edema, and other factors.

    2. Neuroimaging of cerebral vasculitis

      International Nuclear Information System (INIS)

      Wengenroth, M.; Saam, T.; Haehnel, S.

      2016-01-01

      Cerebral vasculitis can have a variety of origins. Furthermore, there are no vasculitis-specific symptoms or imaging signs and vasculitis of the CNS can mimic many other neurological diseases, which require different treatment approaches. Thus, the clinical and radiological diagnosis of cerebral vasculitis is challenging. Magnetic resonance imaging (MRI) and MR angiography (MRA) should be the radiological imaging methods of choice to assess the degree of parenchymal damage and to detect vessel wall changes. If the results are unclear digital subtraction angiography (DSA) should be pursued in order to also detect changes in medium sized vessels. Vasculitis of small vessels cannot be detected by vascular imaging and requires brain or leptomeningeal biopsy. In this review we present the current diagnostic approach and a variety of imaging findings in cerebral vasculitis and discuss the main radiological differential diagnoses. (orig.) [de

    3. Cerebral fat embolism

      International Nuclear Information System (INIS)

      Sakamoto, Toshihisa; Sawada, Yusuke; Yukioka, Tetsuo; Nishide, Kazuyuki; Yoshioka, Toshiharu

      1982-01-01

      A case of cerebral fat embolism is reported. A 18-year-old patient with multiple bone fractures was in semiconma immediately after an injury. Brain CT showed no brain swelling or intracranial hematoma. Hypoxemia and alcoholemia were noted on admission, which returned to normal without improvement of consciousness level. In addition, respiratory symptoms with positive radiographic changes, tachycardia, pyrexia, sudden drop in hemoglobin level, and sudden thrombocytopenia developed. These symptoms were compatible with Gurd's criteria of systemic fat embolism. Eight days after injury, multiple low density areas appeared on CT and disappeared within the subsequent two weeks, and subdural effusion with cerebral atrophy developed. These CT findings were not considered due to cerebral trauma. Diagnosis of cerebral fat embolism was made. The subdural effusion was drained. Neurologic and pulmonary recoveries took place slowly and one month following the injury the patient became alert and exhibited fully coordinated limb movement. The CT scans of the present case well corresponded with hitherto reported pathological findings. Petechiae in the white matter must have developed on the day of injury, which could not be detected by CT examination. It is suggested that some petechial regions fused to purpuras and then gradually resolved when they were detected as multiple low density areas on CT. CT in the purpuras phase would have shown these lesions as high density areas. These lesions must have healed with formation of tiny scars and blood pigment which were demonstrated as the disappearance of multiple low density areas by CT examination. Cerebral atrophy and subsequent subdural effusion developed as a result of demyelination. The patient took the typical clinical course of cerebral fat embolism and serial CT scans served for its assessment. (author)

    4. Experimental Focal Cerebral Ischemia

      DEFF Research Database (Denmark)

      Christensen, Thomas

      2007-01-01

      Focal cerebral ischemia due to occlusion of a major cerebral artery is the cause of ischemic stroke which is a major reason of mortality, morbidity and disability in the populations of the developed countries. In the seven studies summarized in the thesis focal ischemia in rats induced by occlusion...... in the penumbra is recruited in the infarction process leading to a progressive growth of the infarct. The penumbra hence constitutes an important target for pharmacological treatment because of the existence of a therapeutic time window during which treatment with neuroprotective compounds may prevent...

    5. Is cerebral hemorrhage approaching?

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Kawano, Hirokazu; Suzuki, Yukiko; Yoneyama, Takumi; Hamasuna, Ryouichi; Fujime, Kenichi; Goya, Tomokazu [Junwakai Memorial Hospital, Miyazaki (Japan)

      2001-09-01

      In Junwakai Memorial Hospital, from May, 2000 to April, 2001, 1042 patients underwent MRI examination to detect intracerebral microbleed (MB). This series included 481 hypertensive cases and 109 intra-cerebral and cerebellar hemorrhage patients. MB was identified by MRI GRASS image that detects hemosiderin with high sensitivity. The occurrence of MB is high in men and increased with the age. The hypertensive patients showed increased frequency of MB in proportion to the duration of hypertension. Almost all of the symptomatic cerebral and cerebellar hemorrhage cases showed multiple MBs except for massive hemorrhagic lesions. Therefore, MB can be an antecedant feature of the inpending symptomatic intracerebral and cerebellar hemorrhages. (author)

    6. Cerebral atrophic and degenerative changes following various cerebral diseases, (1)

      International Nuclear Information System (INIS)

      Kino, Masao; Anno, Izumi; Yano, Yuhiko; Anno, Yasuro.

      1980-01-01

      Patients having cerebral atrophic and degenerative changes following hypoglycemia, cerebral contusion, or cerebral hypoxia including cerebrovascular disorders were reported. Description was made as to cerebral changes visualized on CT images and clinical courses of a patient who revived 10 minutes after heart stoppage during neurosurgery, a newborn with asphyxia, a patient with hypoglycemia, a patient who suffered from asphyxia by an accident 10 years before, a patient with carbon monoxide poisoning at an acute stage, a patient who had carbon monoxide poisoning 10 years before, a patient with diffuse cerebral ischemic changes, a patient with cerebral edema around metastatic tumor, a patient with respiration brain, a patient with neurological sequelae after cerebral contusion, a patient who had an operation to excise right parietal lobe artery malformation, and a patient who was shooted by a machine gun and had a lead in the brain for 34 years. (Tsunoda, M.)

    7. Estenose carotídea acima de 70% em pacientes no pré-operatório de cirurgia da aorta abdominal: freqüência e fatores de risco Frequency and risk factors for carotid stenosis above 70% in patients undergoing abdominal aortic surgery

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      André Ventura Ferreira

      2006-03-01

      Full Text Available OBJETIVO: Analisar a freqüência e os fatores de risco associados à estenose carotídea acima de 70% em pacientes que serão submetidos a cirurgias de aorta abdominal. MATERIAL E MÉTODO: Foram analisados 94 pacientes que realizaram ultra-som Doppler de carótidas no pré-operatório de cirurgias de aorta abdominal entre janeiro de 2000 e janeiro de 2003, pela disciplina de Cirurgia Vascular da Santa Casa de São Paulo. RESULTADOS: Sessenta e sete pacientes (71% eram homens. Dentre os 94 pacientes, 42 (44,6% tinham doença oclusiva aorto-ilíaca, e 52 (53,4%, aneurismas da aorta abdominal (AAA. A análise dos dados mostrou uma prevalência de estenose de carótidas acima de 70% em 8,33% dos pacientes com AAA e em 13,51% dos pacientes com doença oclusiva aorto-ilíaca, diferença esta sem significância estatística (P = 0,5. Nos pacientes que apresentavam antecedente de isquemia cerebral - acidente vascular cerebral (AVC ou ataque isquêmico transitório (AIT -, houve uma prevalência estatisticamente maior de estenose carotídea entre 70 e 99%. Outros fatores de risco para aterosclerose, como sexo masculino, diabetes, hipertensão arterial e tabagismo, não foram preditivos da presença de estenose carotídea acima de 70%. CONCLUSÃO: A freqüência de estenose da carótida acima de 70% em pacientes no pré-operatório de cirurgia de aorta foi de 9,57%, e a presença de antecedente de AVC ou AIT na história foi preditiva de estenose acima de 70% neste grupo de pacientes.OBJECTIVE: To analyze the frequency and risk factors of carotid stenosis above 70% in patients undergoing abdominal aortic reconstruction. MATERIAL AND METHOD: Ninety-four patients who underwent Doppler ultrasound preoperative screening for abdominal aortic surgery between January 2000 and January 2003 were analyzed by the Vascular Surgery Unit of the Santa Casa of São Paulo (Faculty of Medical Sciences. RESULTS: Sixty-seven (71% patients were male. Of the 94 patients, 42

    8. Cerebral venous thrombosis

      NARCIS (Netherlands)

      Silvis, Suzanne M.; de Sousa, Diana Aguiar; Ferro, José M.; Coutinho, Jonathan M.

      2017-01-01

      Cerebral venous thrombosis (CVT) is an important cause of stroke in young adults. Data from large international registries published in the past two decades have greatly improved our knowledge about the epidemiology, clinical manifestations and prognosis of CVT. The presentation of symptoms is

    9. Cardiopulmonary-cerebral resuscitation

      African Journals Online (AJOL)

      The brain is the organ most sensitive to hypoxia. The brain cannot store oxygen and has a very limited capacity for anaerobic metabolism. Permanent brain damage will thus result after three to four minutes of total hypoxia at normal temperatures. Should cerebral blood flow be restored after such an incident, the patient may ...

    10. CASE REPORT Cerebral schistosomiasis

      African Journals Online (AJOL)

      0b013e3182704d1e]. 5. Sanelli PC, Lev MH, Gonzalez RG, Schaefer PW. Unique linear and nodular MR enhancement pattern in schistosomiasis of the central nervous system: Report of three patients. AJR 2001;177(6):1471-1474. Cerebral schistosomiasis.

    11. EFEITOS DO FORTALECIMENTO MUSCULAR NA MARCHA DE ADOLESCENTES PORTADORES DE PARALISIA CEREBRAL ESPÁSTICA DIPLÉGICA

      OpenAIRE

      Rizzetti, Danize Aparecida; Fabbrin, Ana Paula Alves; Trevisan, Claudia Morais

      2012-01-01

      A fraqueza muscular constitui um dos principais problemas da paralisia cerebral. Pesquisas demonstram que o treino de força muscular tem sido eficiente para melhoria da performance motora nos indivíduos acometidos por esta patologia. O objetivo do estudo foi investigar os efeitos do fortalecimento muscular, na marcha de adolescentes portadores de paralisia cerebral espástica diplégica. Foram selecionados dois indivíduos com idades de 14 e 18 anos que atender...

    12. Recurrent cerebral thrombosis

      International Nuclear Information System (INIS)

      Iwamoto, Toshihiko; Abe, Shin-e; Kubo, Hideki; Hanyu, Haruo; Takasaki, Masaru

      1992-01-01

      Neuroradiological techniques were used to elucidate pathophysiology of recurrent cerebral thrombosis. Twenty-two patients with cerebral thrombosis who suffered a second attack under stable conditions more than 22 days after the initial stroke were studied. Hypertension, diabetes mellitus, and hypercholesterolemia were also seen in 20, 8, and 12 patients, respectively. The patients were divided into three groups according to their symptoms: (I) symptoms differed between the first and second strokes (n=12); (II) initial symptoms were suddenly deteriorated (n=6); and (III) symptoms occurring in groups I and II were seen (n=4). In group I, contralateral hemiparesis or suprabulbar palsy was often associated with the initial hemiparesis. The time of recurrent stroke varied from 4 months to 9 years. CT and MRI showed not only lacunae in both hemispheres, but also deep white-matter ischemia of the centrum semi-ovale. In group II, hemiparesis or visual field defect was deteriorated early after the initial stroke. In addition, neuroimaging revealed that infarction in the posterior cerebral artery was progressed on the contralateral side, or that white matter lesion in the middle artery was enlarged in spite of small lesion in the left cerebral hemisphere. All patients in group III had deterioration of right hemiparesis associated with aphasia. CT, MRI, SPECT, and angiography indicated deep white-matter ischemia caused by main trunk lesions in the left hemisphere. Group III seemed to be equivalent to group II, except for laterality of the lesion. Neuroradiological assessment of the initial stroke may help to predict the mode of recurrence, although pathophysiology of cerebral thrombosis is complicated and varies from patient to patient. (N.K.)

    13. Color doppler evaluation of the influence of type of delivery, sex, postnatal age and time post feeding on full term healthy newborns cerebral blood flow Doppler colorido na avaliação da influência do tipo de parto, sexo, idade pós-natal e tempo pós-mamada no fluxo sanguíneo cerebral em recém-nascidos a termo e saudáveis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Carlos Alberto Aranha

      2009-06-01

      Full Text Available OBJECTIVE: The purpose of this study was to evaluate with Color Doppler the influence of type of delivery, sex, postnatal age and time post feeding on full term healthy newborns cerebral blood flow. METHOD: 50 newborns were studied. The Doppler parameters, peak-systolic velocity, end-diastolic velocity, mean velocity, pulsatility index and resistance index, were measured in the anterior cerebral artery, middle cerebral artery, posterior cerebral artery, and basilar artery. The data were compared and analyzed by statistical tests. Informed consent was obtained from all parents, and the study was approved by institutional ethical committee and review board. RESULTS: We observed not statistically significant differences on cerebral blood flow Doppler parameters in relation to type of delivery, sex, postnatal age and feeding in full term healthy newborns. CONCLUSION: We believe that the knowledge of these cerebral hemodynamic profile of newborns in the first days of life can contribute in an accurate interpretation of cranial Doppler abnormal findings when pathologic flow velocities are analyzed.OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar com Doppler colorido a influência do tipo de parto, sexo, idade pós-natal e tempo pós-mamada no fluxo sanguíneo cerebral de recém-nascidos a termo e saudáveis. MÉTODO: Foram estudados 50 recém-nascidos. A Dopplervelocimetria foi obtida nas artérias cerebral anterior, cerebral média, cerebral posterior e basilar. Os parâmetros foram comparados e analisados pelos testes estatísticos Esta pesquisa foi aprovada pela comissão ética e de pós-graduação das instituições e o consentimento informado dos pais foi obtido em todos os casos. RESULTADOS: Não observamos diferenças estatísticamente significativas na Dopplervelocimetria do fluxo sanguíneo cerebral em relação ao tipo de parto, sexo, idade pós-natal e tempo pós-mamada dos recém-nascidos normais e saudáveis estudados. CONCLUS

    14. Parálisis cerebral Cerebral palsy

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Jorge Malagon Valdez

      2007-01-01

      Full Text Available El término parálisis cerebral (PC engloba a un gran número de síndromes neurológicos clínicos, de etiología diversa. Estos síndromes se caracterizan por tener una sintomatología común: los trastornos motores. Algunos autores prefieren manejar términos como "encefalopatía fija", "encefalopatías no evolutivas". Se mencionan la utilidad de programas de intervención temprana y métodos especiales de rehabilitación, así como el manejo de las deficiencias asociadas como la epilepsia, deficiencia mental, trastornos del lenguaje, audición, visión, déficit de la atención que mejoran el pronóstico de manera significativa. El pronóstico también depende de la gravedad del padecimiento y de las manifestaciones asociadas.The term cerebral palsy (CP, is used for a great number of clinical neurological syndromes. The syndromes are characterized by having a common cause, motor defects. It is important, because they can cause a brain damage by presenting motor defects and some associated deficiencies, such as mental deficiency, epilepsy, language and visual defects and pseudobulbar paralysis, with the nonevolving fact. Some authors prefer using terms such as "non-evolving encephalopathies". In the treatment the utility of prevention programs of early stimulation and special rehabilitation methods, and treatment of associated deficiencies such as epilepsy, mental deficiency, language, audition and visual problems, and the attention deficit improve the prognosis in an important way. The prognosis depends on the severity of the disease and the associated manifestations.

    15. A antibioticoterapia prévia sobre o infiltrado inflamatório pulmonar após isquemia e reperfusão intestinal: estudo experimental em ratos

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Biondo-Simões Maria de Lourdes Pessole

      2000-01-01

      Full Text Available A isquemia seguida de reperfusão intestinal (I/R é um evento clínico comum que favorece a translocação bacteriana em órgãos à distância, como os pulmões. A antibioticoterapia prévia pode ser uma conduta eficaz para atenuar o desenvolvimento desse processo. Este esudo tem por finalidade reconhecer a concentração dos polimorfonucleares (PMN nos septos alveolares em ratos, após indução de isquemia seguida de reperfusão intestinal, com e sem antibioticoterapia prévia. Utilizaram-se 48 ratos divididos, aleatoriamente em 6 grupos (A,B,C,D,E,Fcom 8 animais cada um. Os grupos A,C e E não receberam antibiótico,e os grupos B, D e F receberam 500mg/Kg de eritromicina por via oral. Os grupos A e B serviram de controle; C e D induziu-se isquemia intestinaL por 30 min; e os grupos E e F seguiu-se à isquemia, reperfusão por 30 min. Em seguida, abriu-se o tórax e ressecaram-se os pulmões, sendo encaminhados para análise histopatológica e histométrica, obtendo-se uma média de PMN nos septos alvéolos. O grupo controle(A apresentou média de 4,2 PMN campo nos septos; o grupo isquêmico(C, 13,6 e o reperfundido (E, 17,5. A comparação entre as médias dos grupos A e C e A e E tiveram p<0,0001. Entretanto, a comparação entre os grupos C e E não foi significante (p=0,095. A média de PMN por campo foi de 8,6 no grupo B; 9,9 no grupo D e 12,9 no grupo F. A comparação entre os grupos B e D teve p=0,007. A comparação entre os grupos que receberam ou não antibiótico permitiu verificar que o número de PMN do grupo B foi o dobro do grupo A (p=0,004. O grupo C apresentou maior concentração de PMN que o grupo D (p=0,019. No grupo E, houve maior concentração de PMN que no grupo F (p=0,014. Pode-se concluir que: (1 a isquemia intestinal levou a maior concentração de PMN nos septos alveolares; (2 a antibioticoterapia prévia aumentou o infiltrado inflamatório pulmonar nos alvéolos dos ratos com intestino normal; (3 nos septos

    16. Comparative studies of D2 receptors and cerebral blood flow in hemi-Parkinsonism rats

      International Nuclear Information System (INIS)

      Lin Yansong; Lin Xiangtong

      2000-01-01

      Objective: To study the relationship between dopamine D 2 receptors and cerebral blood flow in hemi-Parkinsonism rats. Methods: Hemi-Parkinsonism rats were made by stereotaxic 6-hydroxy dopamine (6-OH-DA) lesions in substantia nigra and ventral tegmental area, apomorphine (Apo) which could induce the successful model rat to rotate toward the intact side was used to select the rat models, 125 I-IBZM in vivo autoradiography and 99 Tc m -HMPAO regional cerebral biodistribution analysis were used to study D 2 receptors and cerebral blood flow. The HPLC-ECD was used to measure striatum DA and its metabolite content . Results: the lesioned side striatum DA and its metabolites homovanillic acid (HVA) 3,4-dihyroxy-phenylacetic acid (DOPAC) reduced significantly than that of the intact side and pseudo-operated group, striatum/cerebellum 125 I-IBZM uptake ratio was 8.04 +- 0.71 in lesioned side of hemi-Parkinsonism rats, significantly increased compared with the intact side and the pseudo-operated group (P 0.05). Conclusions: the 6-OH-DA lesioned side DA content decreased significantly and thus induced a compensative up-regulation of striatum D 2 receptor binding sites in hemi-Parkinsonism rats, which show good correlation with rotation behavior induced by Apo. Comparing with cerebral blood flow, D 2 receptor reflected by IBZM seems to be more specific and earlier to detect the cerebral functional impairment in experimental hemi-Parkinsonism

    17. Papel do exercício físico na isquemia/reperfusão pulmonar e resposta inflamatória Role of exercise training on pulmonary ischemia/reperfusion and inflammatory response

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Maria Andréia Delbin

      2009-12-01

      Full Text Available O avanço tecnológico associado aos novos conhecimentos científicos tem proporcionado melhora na prevenção e/ou tratamento das complicações cardiorrespiratórias advindas de cirurgias cardiotorácicas e procedimentos envolvendo isquemia/reperfusão (IR, mas os riscos destes procedimentos ainda permanecem altos. Assim, medidas profiláticas que possam reduzir o aparecimento das complicações pós-cirúrgicas em pacientes devem ser investigadas. O exercício físico aeróbio de moderada intensidade tem sido recomendado como terapia não farmacológica tanto na prevenção como no tratamento de diversas doenças cardiovasculares e endócrino-metabólicas. Assim, o objetivo desse trabalho foi realizar uma revisão de literatura sobre os mecanismos pelos quais o processo de IR pulmonar promove lesão local e sistêmica de órgãos, e o papel dos mediadores inflamatórios na IR pulmonar. Além disso, essa revisão abordará a influência do exercício físico moderado como abordagem profilática nas complicações advindas da IR pulmonar. Essa revisão evidencia a escassez de trabalhos na área e a necessidade de maiores estudos enfocando o preparo físico dos pacientes a serem submetidos à cirurgia cardiotorácica. Trabalhos pioneiros foram desenvolvidos em modelos animais, demonstrando a importância do exercício físico na redução da resposta inflamatória induzida pelo procedimento de IR pulmonar. Conclui-se que o preparo pré-cirúrgico dos pacientes deve envolver equipe multidisciplinar da área de saúde, com inclusão de profissional de educação física, para que a prescrição do exercício físico seja individualizada e supervisionada. Além disso, esse preparo pré-cirúrgico poderá propiciar redução das complicações advindas do processo operatório, redução do período de internação hospitalar e, consequentemente, melhora na recuperação do paciente, acarretando ainda menores gastos para o sistema de saúde. Foram

    18. Genetics of Cerebral Vasospasm

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Travis R. Ladner

      2013-01-01

      Full Text Available Cerebral vasospasm (CV is a major source of morbidity and mortality in aneurysmal subarachnoid hemorrhage (aSAH. It is thought that an inflammatory cascade initiated by extravasated blood products precipitates CV, disrupting vascular smooth muscle cell function of major cerebral arteries, leading to vasoconstriction. Mechanisms of CV and modes of therapy are an active area of research. Understanding the genetic basis of CV holds promise for the recognition and treatment for this devastating neurovascular event. In our review, we summarize the most recent research involving key areas within the genetics and vasospasm discussion: (1 Prognostic role of genetics—risk stratification based on gene sequencing, biomarkers, and polymorphisms; (2 Signaling pathways—pinpointing key inflammatory molecules responsible for downstream cellular signaling and altering these mediators to provide therapeutic benefit; and (3 Gene therapy and gene delivery—using viral vectors or novel protein delivery methods to overexpress protective genes in the vasospasm cascade.

    19. Applications of cerebral SPECT

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      McArthur, C., E-mail: claire.mcarthur@nhs.net [Department of Neuroradiology, Institute of Neurological Sciences, Glasgow (United Kingdom); Jampana, R.; Patterson, J.; Hadley, D. [Department of Neuroradiology, Institute of Neurological Sciences, Glasgow (United Kingdom)

      2011-07-15

      Single-photon emission computed tomography (SPECT) can provide three-dimensional functional images of the brain following the injection of one of a series of radiopharmaceuticals that crosses the blood-brain barrier and distributes according to cerebral perfusion, neurotransmitter, or cell density. Applications include differentiating between the dementias, evaluating cerebrovascular disease, preoperative localization of epileptogenic foci, diagnosing movement disorders, and evaluation of intracerebral tumours, while also proving a useful research tool. Unlike positronemission tomography (PET), SPECT imaging is widely available and can be performed in any department that has access to a rotating gamma camera. The purpose of this review is to demonstrate the utility of cerebral SPECT and increase awareness of its role in the investigation of neurological and psychiatric disorders.

    20. Cerebral palsy and aging

      OpenAIRE

      Haak, Peterson; Lenski, Madeleine; Hidecker, Mary Jo Cooley; Li, Min; Paneth, Nigel

      2009-01-01

      Cerebral palsy (CP), the most common major disabling motor disorder of childhood, is frequently thought of as a condition that affects only children. Deaths in children with CP, never common, have in recent years become very rare, unless the child is very severely and multiply disabled. Thus, virtually all children assigned the diagnosis of CP will survive into adulthood. Attention to the adult with CP has been sparse, and the evolution of the motor disorder as the individual moves through ad...

    1. Radiopharmaceuticals for cerebral studies

      International Nuclear Information System (INIS)

      Leon Cabana, Alba

      1994-01-01

      For obtain good brain scintillation images in nuclear medicine must be used several radiopharmaceuticals. Cerebral studies give a tumors visual image as well as brain anomalities detection and are helpful in the diagnostic diseases . Are described in this work: a cerebrum radiopharmaceuticals classification,labelled compounds proceeding and Tc 99m good properties in for your fast caption, post administration and blood purification for renal way

    2. Plasticidad cerebral y lenguaje

      OpenAIRE

      Moreno-Torres Sánchez, Ignacio; Berthier-Torres, Marcelo Luis

      2012-01-01

      Hace pocos años se daba por sentado que la recuperación del lenguaje tras una lesión cerebral era imposible, al igual que adquirir la lengua materna más allá de los tres primeros años de vida. Sin embargo, las últimas indagaciones muestran que nuestra capacidad de aprender es mucho mayor.

    3. Cerebral malformations without antenatal diagnosis

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Girard, Nadine J. [Diagnostic Neuroradiology, Hopital Timone, Marseille (France)

      2010-06-15

      Cerebral malformations are usually described following the different steps in development. Disorders of neurulation (dysraphisms), or diverticulation (holoprosencephalies and posterior fossa cysts), and total commissural agenesis are usually diagnosed in utero. In contrast, disorders of histogenesis (proliferation-differentiation, migration, organization) are usually discovered in infants and children. The principal clinical symptoms that may be a clue to cerebral malformation include congenital hemiparesis, epilepsy and mental or psychomotor retardation. MRI is the imaging method of choice to assess cerebral malformations. (orig.)

    4. Cerebral malformations without antenatal diagnosis

      International Nuclear Information System (INIS)

      Girard, Nadine J.

      2010-01-01

      Cerebral malformations are usually described following the different steps in development. Disorders of neurulation (dysraphisms), or diverticulation (holoprosencephalies and posterior fossa cysts), and total commissural agenesis are usually diagnosed in utero. In contrast, disorders of histogenesis (proliferation-differentiation, migration, organization) are usually discovered in infants and children. The principal clinical symptoms that may be a clue to cerebral malformation include congenital hemiparesis, epilepsy and mental or psychomotor retardation. MRI is the imaging method of choice to assess cerebral malformations. (orig.)

    5. Hyperventilation, cerebral perfusion, and syncope

      DEFF Research Database (Denmark)

      Immink, R V; Pott, F C; Secher, N H

      2014-01-01

      the contribution of a low PaCO2 to the early postural reduction in middle cerebral artery blood velocity is transient. HV together with postural stress does not reduce cerebral perfusion to such an extent that TLOC develops. However when HV is combined with cardiovascular stressors like cold immersion or reduced...... dioxide (PaCO2) and oxygen (PaO2) partial pressures so that hypercapnia/hypoxia increases and hypocapnia/hyperoxia reduces global cerebral blood flow. Cerebral hypoperfusion and TLOC have been associated with hypocapnia related to HV. Notwithstanding pronounced cerebrovascular effects of PaCO2...

    6. Molecular pathophysiology of cerebral edema.

      Science.gov (United States)

      Stokum, Jesse A; Gerzanich, Volodymyr; Simard, J Marc

      2016-03-01

      Advancements in molecular biology have led to a greater understanding of the individual proteins responsible for generating cerebral edema. In large part, the study of cerebral edema is the study of maladaptive ion transport. Following acute CNS injury, cells of the neurovascular unit, particularly brain endothelial cells and astrocytes, undergo a program of pre- and post-transcriptional changes in the activity of ion channels and transporters. These changes can result in maladaptive ion transport and the generation of abnormal osmotic forces that, ultimately, manifest as cerebral edema. This review discusses past models and current knowledge regarding the molecular and cellular pathophysiology of cerebral edema. © The Author(s) 2015.

    7. What You Should Know about Cerebral Aneurysms

      Science.gov (United States)

      ... Month Infographic Stroke Hero F.A.S.T. Quiz What You Should Know About Cerebral Aneurysms Updated:Nov ... About Cerebral Aneurysms Diagnosis and Symptoms Damage Treatments What is a cerebral aneurysm? An aneurysm is a ...

    8. Cerebral Autoregulation in Normal Pregnancy and Preeclampsia

      NARCIS (Netherlands)

      van Veen, Teelkien R.; Panerai, Ronney B.; Haeri, Sina; Griffioen, Annemiek C.; Zeeman, Gerda; Belfort, Michael A.

      2013-01-01

      OBJECTIVE: To test the hypothesis that preeclampsia is associated with impaired dynamic cerebral autoregulation. METHODS: In a prospective cohort analysis, cerebral blood flow velocity of the middle cerebral artery (determined by transcranial Doppler), blood pressure (determined by noninvasive

    9. Papiledema unilateral na síndrome do pseudotumor cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Mário L. R. Monteiro

      1985-06-01

      Full Text Available São apresentadas as fotografias de fundo de olho de 6 mulheres com papiledema unilateral e a síndrome do pseudotumor cerebral. Achados associados foram: obesidade em 5 e a sindrome da sela vazia parcial em 2. São discutidas as possíveis explicações para o desenvolvimento de papiledema unilateral nesses pacientes e que favorecem um mecanismo presente na porção distal dos nervos ópticos.

    10. Associação da atividade mastigatória com a função motora ampla, espasticidade e classificação topográfica na paralisia cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Lilian Gerdi Kittel Ries

      2013-12-01

      Full Text Available OBJETIVO: verificar a existência de associação entre o grau de espasticidade, o nível de função motora ampla e a classificação topográfica de voluntários com PC com parâmetros de amplitude e tempo da ativação eletromiográfica dos músculos temporal (TA e masseter (MA. MÉTODOS: a atividade muscular durante a tarefa de mastigação foi avaliada em quinze voluntários com PC. Os instrumentos clínicos utilizados foram: a Escala Modificada de Ashworth para espasticidade, o Sistema de Classificação de Função Motora Ampla (GMFCS para função motora ampla. Foram analisados os parâmetros de simetria muscular e tempo do período ativo e inativo do ciclo mastigatório. RESULTADOS: durante o ciclo mastigatório observou-se associação entre o nível de função motora ampla e a simetria do MA, entre o maior grau de espasticidade e a diminuição do período inativo e aumento do período ativo e entre a classificação topográfica e a simetria do MA e do TA. CONCLUSÃO: a simetria e o tempo da atividade dos músculos TA e MA devem ser considerados durante a terapia da função motora oral na PC.

    11. Acidente vascular cerebral e demência vascular no idoso

      OpenAIRE

      Ionel, Cristina

      2015-01-01

      Trabalho final de mestrado integrado em Medicina, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Em consequência de um fenómeno global de envelhecimento populacional, é expectável um aumento na prevalência de demência. A demência vascular é a segunda causa mais comum de demência, depois da doença de Alzheimer. Trata-se de uma entidade clínica bastante heterogénea, sendo o acidente vascular cerebral (AVC) um dos seus mecanismos subjacentes. No entanto, nem todos os doentes ...

    12. Perfil populacional de pacientes com distúrbios da comunicação humana decorrentes de lesão cerebral, assistidos em hospital terciário Populational profile of patients with human communication disorders after brain injury, assisted in a tertiary hospital

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Thais Rodrigues Talarico

      2011-04-01

      Full Text Available OBJETIVO: caracterizar a população de pacientes com lesão neurológica, queixa e presença de distúrbio da comunicação, assistidos num Hospital Terciário. Os objetivos específicos foram: verificar a prevalência de cada tipo de transtorno de fala e/ou de linguagem, da etiologia neurológica e a origem dos encaminhamentos em relação ao total de pacientes. MÉTODO: Trata-se de um estudo retrospectivo, em que foram analisados todos os prontuários dos pacientes atendidos em 5 anos (2002 a 2006, no Núcleo de Investigação e Intervenção Fonoaudiológica em Neuropsicolingüística do Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Federal de São Paulo,. RESULTADOS: o estudo revelou 244 casos atendidos entre 2002 e 2006. Quanto à caracterização da amostra encontramos: quanto ao sexo, 56% eram homens; quanto à idade, 44,3% encontraram-se entre 41- 64 anos; quanto à escolaridade, 39,8% dos pacientes apresentaram 1 a 4 anos de escolaridade; quanto aos encaminhamentos para o atendimento no setor 35,7% eram procedentes do ambulatório de Neurologia da UNIFESP; quanto à etiologia da lesão, 69,3% foram diagnosticados com Acidente Vascular Cerebral (AVC. Sobre o diagnóstico fonoaudiológico, 56,1% foram diagnosticados com Afasia em relação à linguagem e 33% com Disartria em relação à fala. CONCLUSÃO: a afasia foi o transtorno de linguagem mais prevalente; o mesmo ocorreu com a disartria em relação à fala; o AVC foi a etiologia neurológica predominante; em relação ao número geral de casos avaliado verificou-se que 50% do grupo atendido estavam em programas de reabilitação; a maioria dos pacientes foram encaminhados pelo serviço de Neurologia do Hospital São Paulo - UNIFESP.PURPOSE: to characterize the population of patients with neurological lesion with communication disorders, assisted by a Tertiary Hospital. Specific objectives0 to check the prevalence of each type of speech and / or language disorder, neurological

    13. Lesão pulmonar de reperfusão por oclusão da aorta abdominal: modelo experimental em ratos

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      PINHEIRO BRUNO DO VALLE

      2000-01-01

      Full Text Available Introdução: Procedimentos cirúrgicos com oclusão da aorta têm sido associados a lesão pulmonar de reperfusão. O objetivo deste trabalho foi estudar a presença de edema pulmonar em um modelo de lesão de reperfusão por oclusão da aorta em ratos. Material e métodos: 33 ratos Wistar foram anestesiados com tiopental sódico (20mg/kg, via intraperitoneal, seguindo-se laparotomia por incisão mediana, para isolamento da aorta e cava inferior. A seguir, os animais foram randomizados em três grupos. Grupo isquemia-reperfusão (GIR, n = 5: animais submetidos a 30min de oclusão dos vasos, seguindo-se 120min de reperfusão. Grupo isquemia (GI, n = 5: animais submetidos a 30min de oclusão dos vasos. Grupo controle (GC, n = 5: animais submetidos apenas ao procedimento cirúrgico, sem oclusão dos vasos, acompanhados por 150min. Após o sacrifício, em 15 animais foram realizados estudos histopatológicos dos pulmões. Para caracterização de edema, foi realizada a análise morfométrica por contagem de pontos, determinando-se o índice de edema alveolar. Realizou-se também uma análise semiquantitativa da infiltração de polimorfonucleares nos pulmões. Em 18 animais retirou-se o pulmão direito para a determinação da relação entre os pesos úmido e seco. O índice de edema alveolar e a relação peso úmido/peso seco foram comparados entre os grupos através de ANOVA, com a correção de Bonferroni para comparação entre os grupos dois a dois. Resultados: Os animais do GIR apresentaram maior edema alveolar em relação aos do GI e GC (0,24; 0,18; 0,17; respectivamente, com p < 0,001. Não houve diferenças nas relações peso úmido/peso seco dos três grupos. Houve maior infiltração de células inflamatórias nos pulmões dos ratos submetidos a isquemia-reperfusão. Os autores concluem que a oclusão e desoclusão da aorta infra-renal está associada à lesão pulmonar. Essa lesão não foi induzida pela elevação da press

    14. Cerebral oxygenation after birth

      DEFF Research Database (Denmark)

      Hessel, Trine W; Hyttel-Sorensen, Simon; Greisen, Gorm

      2014-01-01

      AIM: To compare absolute values of regional cerebral tissue oxygenation (cStO2 ) during haemodynamic transition after birth and repeatability during steady state for two commercial near-infrared spectroscopy (NIRS) devices. METHODS: In a prospective observational study, the INVOS 5100C and FORE......: The INVOS and FORE-SIGHT cStO2 estimates showed oxygenation-level-dependent difference during birth transition. The better repeatability of FORE-SIGHT could be due to the lower response to change in saturation....

    15. Cerebral venous thrombosis.

      Science.gov (United States)

      Ameri, A; Bousser, M G

      1992-02-01

      Neuroimagining facilities allow early recognition of cerebral venous thrombosis (CVT), which now appears far more common than previously assumed. The diagnosis remains difficult because of a wide spectrum of clinical presentation and a highly variable mode of onset. Numerous conditions (presently mostly noninfectious) can cause or predispose to CVT, which therefore requires an extensive etiologic work-up. The functional and vital prognosis is much better than classically thought with, in noninfectious CVT, a fatality rate of less than 10% and a complete recovery in over 70%. Although spontaneous recovery is possible, the efficacy of heparin is now well established.

    16. Crise epiléptica focal ipsilateral a tumor cerebral: relato de caso

      OpenAIRE

      Gusmão,Sebastião Silva; Mendes,Mirian Fabíola Studart; Silveira,Roberto Leal

      2002-01-01

      Descreve-se um caso de crise focal somatosensorial ipsilateral a tumor cerebral e revê-se a literatura. Trata-se de ocorrência excepcional, tendo sido descritos apenas seis casos. Vários mecanismos fisiopatológicos foram propostos para explicar a crise focal somatosensorial ipsilateral. A proximidade das lesões da convexidade cerebral baixa (perisilviana) sugere o comprometimento da área somatosensorial secundária e parece comprovar os achados experimentais de crises somatosensoriais originad...

    17. Os jogos digitais na fisioterapia do doente vítima de acidente vascular cerebral

      OpenAIRE

      Ribeiro, Tânia Cristina Ferreira

      2016-01-01

      O Acidente Vascular Cerebral (AVC), devido a um crescente aumento na sua incidência constitui um tema cujo interesse tem preocupado profissionais de saúde, governos e sociedade civil, justificado pelo estilo de vida pouco saudável e pelo envelhecimento crescente da população. Os pacientes vítimas de AVC apresentam deficiências motoras que se definem por hemiparesia. Esta patologia define-se pela diminuição da força no lado oposto ao hemisfério cerebral lesado pela hemorragia...

    18. Cerebral aneurysms – an audit

      African Journals Online (AJOL)

      Enrique

      Abstract. We performed an audit to determine the profile of cerebral aneurysms at the Universitas Hospital Bloem- fontein, the only government hospital with a vascular suite in the Free State and Northern Cape area. Two hun- dred and twenty-three government patients, diagnosed with cerebral aneurysms during the period.

    19. Syncope, cerebral perfusion, and oxygenation

      NARCIS (Netherlands)

      van Lieshout, Johannes J.; Wieling, Wouter; Karemaker, John M.; Secher, Niels H.

      2003-01-01

      During standing, both the position of the cerebral circulation and the reductions in mean arterial pressure (MAP) and cardiac output challenge cerebral autoregulatory (CA) mechanisms. Syncope is most often associated with the upright position and can be provoked by any condition that jeopardizes

    20. Nonthyroidal illness syndrome in patients with subarachnoid hemorrhage due to intracranial aneurysm Sindrome da doença não tiroideana em pacientes com hemorragia subaracnoidea devida a aneurisma cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Luiz Augusto Casulari

      2004-03-01

      Full Text Available We have previously reported that subarachnoid hemorrhage due to ruptured intracranial aneurysm (SH is associated with changes in the hormonal profile in the first 24 hours after the event. We proposed that the hormonal changes observed are due to the intense stress to which the patients are exposed. However, the thyroidal hormonal profile is indicative of the presence of a nonthyroidal illness syndrome (NTIS. In this paper, we examined whether the change in the thyroid hormone profile is compatible with a NTIS. Two groups of patients were included in the study: A 30 patients with SH (21 females and 9 males; 41.7±11.4 years and B a control group including 25 patients with benign diseases of the spine (BDS (lumbar disc hernia or stable spinal trauma (8 females and 17 males; 41.3±14.2 years. In a subgroup of eight patients of each group serum triiodothyronine (T3 and reverse T3 levels were measured. The blood samples were obtained between 8:00 and 9:00 AM. The following results were obtained: The SH group had smaller serum T3 and free T4 levels than the BDS group (pNós apresentamos previamente que a hemorragia subaracnoidea devido à ruptura de aneurisma intracraniano (SH está associada com alterações no perfil hormonal nas primeiras 24 horas após o evento. Nós propusemos que as alterações hormonais observadas são devidas ao intenso estresse ao qual os pacientes estão expostos. Contudo, o perfil hormonal tireoidiano é indicativo da presença da síndrome da doença não tireoidiana (NTIS. Neste trabalho, examinamos se as alterações no perfil dos hormônios tireoidianos são compatíveis com a NTIS. Dois grupos de pacientes foram incluídos no estudo: A 30 pacientes com SH (21 mulheres e 9 homens; 41,7±11,4 anos e B um grupo controle incluindo 25 pacientes com doenças benignas da coluna (BDS (hérnia de disco lombar ou estável trauma da coluna (8 mulheres e 17 homens; 41,3±14,2 anos. Em um subgrupo de oito pacientes de cada grupo

    1. Efectos de la genisteína en varios modelos de isquemia-reperfusión cardíaca mediante estudio mecánico-energético

      OpenAIRE

      Colareda, Germán A.

      2016-01-01

      Esta tesis estudió los efectos directos del fitoestrógeno genisteína en varios modelos de isquemia-reperfusión: de no-flujo/reperfusión (I/R) en corazones enteros de rata y cobayo, y de hipoperfusión/reperfusión (HIP/R) en corazones enteros de rata. En estos modelos se generó una recuperación contráctil parcial durante la reperfusión, sin infarto, denominado “corazón atontado”. La disfunción contráctil en estos modelos está acompañada por una elevada liberación de calor que conduce a la dismi...

    2. Therapeutic interventions in cerebral palsy.

      Science.gov (United States)

      Patel, Dilip R

      2005-11-01

      Various therapeutic interventions have been used in the management of children with cerebral palsy. Traditional physiotherapy and occupational therapy are widely used interventions and have been shown to be of benefit in the treatment of cerebral palsy. Evidence in support of the effectiveness of the neurodevelopmental treatment is equivocal at best. There is evidence to support the use and effectiveness of neuromuscular electrical stimulation in children with cerebral palsy. The effectiveness of many other interventions used in the treatment of cerebral palsy has not been clearly established based on well-controlled trials. These include: sensory integration, body-weight support treadmill training, conductive education, constraint-induced therapy, hyperbaric oxygen therapy, and the Vojta method. This article provides an overview of salient aspects of popular interventions used in the management of children with cerebral palsy.

    3. Associação da atividade mastigatória com a função motora ampla, espasticidade e classificação topográfica na paralisia cerebral

      OpenAIRE

      Ries,Lilian Gerdi Kittel; Schmidt,Kelly Cristine; Briesemeister,Marianne; Schivinski,Camila Isabel Santos

      2013-01-01

      OBJETIVO: verificar a existência de associação entre o grau de espasticidade, o nível de função motora ampla e a classificação topográfica de voluntários com PC com parâmetros de amplitude e tempo da ativação eletromiográfica dos músculos temporal (TA) e masseter (MA). MÉTODOS: a atividade muscular durante a tarefa de mastigação foi avaliada em quinze voluntários com PC. Os instrumentos clínicos utilizados foram: a Escala Modificada de Ashworth para espasticidade, o Sistema de Classificação d...

    4. Comparative study of the hyperbaric hyperoxygenation in ischemic colonic loops in rats Estudo comparativo da hiperoxigenação hiperbárica em alças cólicas isquêmicas em ratos

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Antonio Angelo Rocha

      2007-04-01

      Full Text Available PURPOSE: To analyze and to evaluate the effect of the hyperbaric hyperoxygenation in the mechanical resistance of ischemic colon of rats. METHODS: Eighty rats, distributed in four groups of 20 animals in each one, were used. In group 1 (G1, the control group, ischemia was not caused. Group 2 was submitted to the lesser degree of ischemia. Group 3 was submitted to the intermediate degree of ischemia. In group 4, a bigger degree of intestinal ischemia was provoked. Each group was divided in two sub-groups of ten animals each: with hyperbaric chamber (CC and without hyperbaric chamber (SC. The animals of the four CC subgroups were placed in an experimental hyperbaric chamber in order to inhale oxygen at 100%, at two Absolute Atmospheres, for 120 minutes, for a four-day consecutive period. The animals of the four SC subgroups were kept in environment air during the five days of the experiment. All animals have been submitted to the mechanical study of the intestinal loop by the pressure test of the rupture by liquid distension. The euthanasia occurred in the fifth post-operative day. RESULTS: Considering the ischemia factor, the four groups were different among them (p=0.0001. There was no statistical difference between subgroups CC and SC (p=0.3461. CONCLUSION: The hyperbaric oxygen-therapy did not present improvement on the induced ischemia in rats upright colic loop.OBJETIVO: Analisar e avaliar os efeitos da hiperoxigenação hiperbárica na resistência mecânica do cólon isquêmico de ratos. MÉTODOS: Foram utilizados 80 ratos distribuídos em quatro grupos de 20 animais. No grupo 1, grupo controle, não se provocou isquemia. O grupo 2 foi submetido ao grau menor de isquemia. O grupo 3 foi submetido ao grau intermediário de isquemia. No grupo 4, provocou-se grau maior de isquemia intestinal. Cada grupo foi dividido em dois subgrupos de dez animais cada: com câmara hiperbárica (CC e sem câmara hiperbárica (SC. Os animais dos quatro

    5. Análisis de los estudios de perfusión posangioplastia. El tiempo entre angioplastia y perfusión. Reestenosis e isquemia

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Patricia M. Carrascosa

      2009-01-01

      (11,1%.ConclusionesEn el 51,5% de los pacientes, el SPECT se efectuó en los primeros 3 meses posangioplastia.No hubo diferencias en monto isquémico entre individuos sin lesiones y con ellas en otrosvasos.En el 25% de los pacientes con DPR, los resultados fueron falsos positivos y los estudios seefectuaron durante el primer mes posangioplastia.En el 76,5% de los estudios SPECT, el motivo fue el control y hubo baja correlación entrepresencia de síntomas y estudios con isquemia.REV ARGENT CARDIOL 2009;77:196-202.

    6. Cerebral sinus venous thrombosis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Hernando Raphael Alvis-Miranda

      2013-01-01

      Full Text Available Cerebral sinus venous thrombosis (CSVT is a rare phenomenon that can be seen with some frequency in young patients. CSVT is a multifactorial condition with gender-related specific causes, with a wide clinical presentation, the leading causes differ between developed and developing countries, converting CSVT in a condition characterized by a highly variable clinical spectra, difficult diagnosis, variable etiologies and prognosis that requires fine medical skills and a high suspicious index. Patients who presents with CSVT should underwent to CT-scan venography (CVT and to the proper inquiry of the generating cause. This disease can affect the cerebral venous drainage and related anatomical structure. The symptoms may appear in relation to increased intracranial pressure imitating a pseudotumorcerebri. Prognosis depends on the early detection. Correcting the cause, generally the complications can be prevented. Mortality trends have diminished, and with the new technologies, surely it will continue. This work aims to review current knowledge about CSVT including its pathogenesis, etiology, clinical manifestations, diagnosis, and treatment.

    7. Cerebral imaging in pediatrics

      International Nuclear Information System (INIS)

      Gordon, I.

      1998-01-01

      Radioisotope brain imaging has focused mainly on regional cerebral blood flow (rCBF). However the use of ligand which go to specific receptor sites is being introduced in pediatrics, mainly psychiatry. rCBF is potentially available in many institutions, especially with the availability of multi-headed gamma cameras. The use of this technique in pediatrics requires special attention to detail in the manner of data acquisition and handling the child. The interpretation of the rCBF study in a child requires knowledge of normal brain maturation. The major clinical use in pediatrics is epilepsy because of the advances in surgery and the frequency of complex partial seizures. Other indications in pediatric neurology include brain death, acute neurological loss including stroke, language disorders, cerebral palsy, hypertension due to renovascular disease, traumatic brain injury and migraine. There are pediatric physiological conditions in which rCBF has been undertaken, these include anorexia nervosa, autism, Gilles de la Tourette syndrome (GTS) and attention deficit disorder-hyperactivity (ADHD). Research using different ligands to specific receptor sites will also be reviewed in pediatrics

    8. Cerebral imaging in pediatrics

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Gordon, I. [London, Great Ormond Street Hospital for Children (United Kingdom)

      1998-06-01

      Radioisotope brain imaging has focused mainly on regional cerebral blood flow (rCBF). However the use of ligand which go to specific receptor sites is being introduced in pediatrics, mainly psychiatry. rCBF is potentially available in many institutions, especially with the availability of multi-headed gamma cameras. The use of this technique in pediatrics requires special attention to detail in the manner of data acquisition and handling the child. The interpretation of the rCBF study in a child requires knowledge of normal brain maturation. The major clinical use in pediatrics is epilepsy because of the advances in surgery and the frequency of complex partial seizures. Other indications in pediatric neurology include brain death, acute neurological loss including stroke, language disorders, cerebral palsy, hypertension due to renovascular disease, traumatic brain injury and migraine. There are pediatric physiological conditions in which rCBF has been undertaken, these include anorexia nervosa, autism, Gilles de la Tourette syndrome (GTS) and attention deficit disorder-hyperactivity (ADHD). Research using different ligands to specific receptor sites will also be reviewed in pediatrics.

    9. Cerebral cartography and connectomics.

      Science.gov (United States)

      Sporns, Olaf

      2015-05-19

      Cerebral cartography and connectomics pursue similar goals in attempting to create maps that can inform our understanding of the structural and functional organization of the cortex. Connectome maps explicitly aim at representing the brain as a complex network, a collection of nodes and their interconnecting edges. This article reflects on some of the challenges that currently arise in the intersection of cerebral cartography and connectomics. Principal challenges concern the temporal dynamics of functional brain connectivity, the definition of areal parcellations and their hierarchical organization into large-scale networks, the extension of whole-brain connectivity to cellular-scale networks, and the mapping of structure/function relations in empirical recordings and computational models. Successfully addressing these challenges will require extensions of methods and tools from network science to the mapping and analysis of human brain connectivity data. The emerging view that the brain is more than a collection of areas, but is fundamentally operating as a complex networked system, will continue to drive the creation of ever more detailed and multi-modal network maps as tools for on-going exploration and discovery in human connectomics. © 2015 The Author(s) Published by the Royal Society. All rights reserved.

    10. Avaliação dos efeitos de baixa e alta tensão de oxigenio em modelo in vitro da leishmaniose

      OpenAIRE

      Marcelle Carolina Colhone

      2004-01-01

      Resumo: o fluxo sangüíneo alterado, isquemia, proliferação celular e a presença de microrganismos resultam em queda acentuada de pressão parcial de oxigênio (hipóxia) no tecido lesado. Macrófagos se adaptam a hipóxia, alterando seu metabolismo, produção de linfocinas pro-inflamatórias e atividade fagocítica. No presente trabalho comparamos os efeitos da hipóxia (5% de O2) e da normóxia (21 % de 02) na infecção de macrófagos com o protozoário parasita Leishmania amazonensis. Macrófagos de duas...

    11. Vincamina em pacientes com insuficiencia vascular cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Sérgio Pereira Novis

      1975-03-01

      Full Text Available Foram estudados, em 20 casos de pacientes com insuficiência vascular cerebral, os efeitos do tratamento com a vincamina. Os doentes foram previamente submetidos a exames neurológico, eletrencefalográfico, laboratoriais, psicométricos (teste de memória, teste de capacidade intelectiva, teste de atenção concentrada, raciocínio abstrato e de personalidade. Os pacientes foram medicados com vincamina na dose de 40 mg nas 24 horas durante o período aproximado de 150 dias, após o que foram novamente submetidos à análise idêntica. Os resultados obtidos, apresentados em tabelas, revelam que, em razoável percentual, foi a vincamina medicamento útil no controle das manifestações clínicas da insuficiência vascular cerebral, sendo evidenciada melhora nos índices de déficit de memória retrógrada e anterógrada observados nos testes objetivos. Houve também melhora no padrão eletrencefalográfico de alguns pacientes.

    12. Rinoliquorréia e hidrocefalia por gliose do aqueduto cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Walter C. Pereira

      1967-03-01

      Full Text Available É relatado um caso de hidrocefalia tardia, determinada por gliose do aqueduto cerebral, complicada com rinoliquorréia. A fístula do líquido cefalorraqueano se estabeleceu em conseqüência da erosão da sela turca pelo assoalho do 3.° ventriculo hipertenso e dilatado, determinando comunicação entre a cavidade ventricular e o seio esfenoidal. O paciente foi operado, tendo a fístula sido ocluída satisfatoriamente; previamente foi feita derivação ventrículo-peritoneal para evitar recidiva da hipertensão do sistema ventricular.

    13. Atividade da catalase no pulmão, rim e intestino delgado não isquemiado de ratos após reperfusão intestinal

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Camila de Oliveira Ferro

      Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a atividade catalase, após lesão por isquemia e reperfusão intestinal e estudar as alterações deste antioxidante em órgãos situados à distância do insulto inicial. MÉTODOS: Utilizaram-se 18 ratos do tipo Wistar, aleatoriamente distribuídos em três grupos. 1-Controle, 2-Simulação e 3-Isquemia/Reperfusão. Neste último, realizou-se isquemia no íleo, por 60 minutos, seguida de reperfusão por 30 minutos. No grupo 2 efetuou-se apenas uma laparotomia. Foram retirados, de todos os animais, segmentos do intestino com e sem reperfusão, além do pulmão e rim direitos para exame com microscopia óptica. A atividade da catalase foi aferida em espectrofotômetro ajustado para 240 nm. Utilizaram-se os testes estatísticos Mann e Whitney e Kruskal Wallis. RESULTADOS: Observou-se aumento significante (p < 0.05, da atividade da catalase nas porções do intestino isquemiado e não isquemiado, além do pulmão. Houve redução da atividade enzimática no rim. No grupo com reperfusão observaram-se alteração nas vilosidades, infiltrado inflamatório em todas as vísceras, além de áreas de atelectasia pulmonar. CONCLUSÃO: O estresse oxidativo intestinal, em ratos, causa alterações bioquímicas à distância com mobilização dos mecanismos de defesa antioxidante pulmonar, em segmento intestinal não isquemiado e no rim, com esgotamento precoce das reservas deste último, no entanto, sem lesão celular relevante, destas vísceras.

    14. Cerebral metastases from malignant melanoma

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Stevens, G. (Royal Prince Alfred Hospital, Sydney (Australia). Department of Radiation Oncology Royal Prince Alfred Hospital, Sydney (Australia). Sydney Melanoma Unit); Firth, I. (Royal Prince Alfred Hospital, Sydney (Australia). Department of Medical Oncology); Coates, A. (Royal Prince Alfred Hospital, Sydney (Australia). Department of Radiation Oncology Royal Prince Alfred Hospital, Sydney (Australia). Sydney Melanoma Unit)

      1993-03-01

      A retrospective study was undertaken of factors affecting survival in 129 patients with cerebral metastases from malignant melanoma referred to the Department of Radiation Oncology from June '82-January '90. Their ages ranged from 19-83 years and the time interval form diagnosis of the primary tumour to development of cerebral metastases ranged from 1 month-17 years. Cerebral metastases were apparently solitary in 59 (46%) and multiple in 70 (54%) patients. Craniotomy with resection of tumour was performed in 49 patients, of whom 24 had a solitary cerebral metastasis as the only evidence of disease Most patients (94%) received radiotherapy-course. Median survival of the whole group after detection of cerebral metastases was 5 months (range <1-87+). Univariate analysis indicated that a solitary cerebral metastasis, absence of extracranial disease and tumour resection predicted improved survival, but only surgical intervention was of independent prognostic significance in a multivariate analysis. The effect of cranial irradiation on survival could not be assessed, but the dose of radiation did not influence survival. Of the 10 patients who survived for more than 2 years, 8 had total resection of a solitary cerebral metastasis. (author). 25 refs., 3 figs., 3 tabs.

    15. Oclusão arterial aguda por derivados da ergotamina Acute arterial occlusion caused by ergotamine derivatives

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Edison Barreto de Souza

      2009-09-01

      Full Text Available Os derivados da ergotamina compõem diversas drogas amplamente utilizadas no tratamento de ataques agudos de migrânea. A intoxicação por estas substâncias resulta geralmente de sua administração crônica, promovendo sintomas secundários ao espasmo arterial e à consequente isquemia distal. Neste artigo, é relatado o caso de uma paciente de 47 anos com diagnóstico de oclusão arterial aguda em membros inferiores secundária ao uso de derivados da ergotamina. Após a suspensão da droga e a prescrição de anticoagulantes, vasodilatadores e antiagregante plaquetário, a paciente evoluiu com melhora da dor, da parestesia e com o retorno da coloração normal e dos pulsos distais em membros inferiores.Ergotamine derivatives include several drugs widely used in the treatment of acute migraine attacks. Intoxication by these substances generally results from chronic administration, promoting symptoms secondary to arterial spasm and the consequent distal ischemia. The authors report the case of a 47-year old patient with acute arterial occlusion in lower limbs secondary to the use of ergotamine derivatives. After drugs were suspended and anticoagulants, vasodilators and antiplatelet drugs were prescribed, the patient progressed with improvement of pain, paresthesia and return of normal skin color and distal pulses in lower limbs.

    16. Natriuretic peptides and cerebral hemodynamics

      DEFF Research Database (Denmark)

      Guo, Song; Barringer, Filippa; Zois, Nora Elisabeth

      2014-01-01

      in decompensated disease. In contrast, their biological effects on the cerebral hemodynamics are poorly understood. In this mini-review, we summarize the hemodynamic effects of the natriuretic peptides with a focus on the cerebral hemodynamics. In addition, we will discuss its potential implications in diseases...... where alteration of the cerebral hemodynamics plays a role such as migraine and acute brain injury including stroke. We conclude that a possible role of the peptides is feasible as evaluated from animal and in vitro studies, but more research is needed in humans to determine the precise response...

    17. Cerebral Vasculitis Complicating Pneumococcal Meningitis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Ahmed Khedher

      2018-03-01

      Full Text Available Introduction: Cerebral vasculitis is an uncommon life-threatening complication of community-acquired bacterial meningitis. Patient and methods: We report the case of a 64-year-old woman with pneumococcal meningitis who developed parainfectious vasculitis causing ischaemic brain damage. Cerebral magnetic resonance imaging (MRI confirmed the diagnosis. Clinical and radiological recovery after delayed addition of corticosteroid was achieved. Discussion: This report shows that the onset of neurological deficits following pneumococcal meningitis can be caused by cerebral vasculitis. Underdosing with antibiotics and delayed adjunctive dexamethasone seem to favour this complication. There are no guidelines for treatment but high doses of steroids led to resolution in this case.

    18. Cerebral white matter hypoplasia

      International Nuclear Information System (INIS)

      Dietrich, R.B.; Shields, W.D.; Sankar, R.

      1990-01-01

      This paper demonstrates the MR imaging findings in children with cerebral white matter hypoplasia (CWMH). The MR studies of four children, aged 3-7 y (mean age, 2.3 y) with a diagnosis of CWMH were reviewed. In all cases multiplanar T1-weighted and T2-weighted spin-echo images were obtained. All children had similar histories of severe developmental delay and nonprogressive neurologic deficits despite normal gestational and birth histories. In two cases there was a history of maternal cocaine abuse. Autopsy correlation was available in one child. The MR images of all four children demonstrated diffuse lack of white matter and enlarged ventricles but normal-appearing gray matter. The corpus callosum, although completely formed, was severely thinned. There was no evidence of gliosis or porencephaly, and the distribution of myelin deposition was normal for age in all cases. Autopsy finding in one child correlated exactly with the MR finding

    19. Cerebral toxoplasmosis in AIDS

      International Nuclear Information System (INIS)

      Christ, F.; Steudel, H.; Klotz, D.; Bonn Univ.; Bonn Univ.

      1986-01-01

      Since 1982 (Hauser and co-workers), literature has reported focal cerebral tissue charges in AIDS patients whose diagnosis was unclear at first but which could be identified finally as florid toxoplasmosis encephalitis by biopsy and autopsy. It was found that the value of otherwise reliable serological tests (KBR, Sabin-Feldmann tests, etc.) is questionable in patients with severely impaired or incompetent immune systems, and, in particular, that a negative or uncharacteristic test result may not preclude any opportunistic infection process. Furthermore, isolation of Toxoplasma gondii or specific antibodies from the cerebrospinal fluid will be successful in exceptional cases only. In patients with AIDS or lymphadenopathy syndrome, the differential diagnosis will have to include - first and foremost - reactivated toxoplasma infection (not newly acquired, as a rule) if central neurological symptoms occur. (orig.) [de

    20. Comparative studies of D2 receptors and cerebral blood flow in hemi-parkinsonism rats

      International Nuclear Information System (INIS)

      Lin, Y.; Lin, X.

      2000-01-01

      To study the relationship between dopamine (DA) D 2 receptors and cerebral blood flow in hemiparkinsonism rats. Hemi-parkinsonism rats were made by stereotaxic 6-hydroxy dopamine (6-OH-DA) lesions in substantia nigra and ventral tegmental area, apomorphine (Apo) which could induce the successful model rat rotates toward the intact side was used to screen that rats, 125 I-IBZM in vivo autoradiography and 99m Tc-HM-PAO regional brain biodistribution were used to study D 2 receptors and cerebral blood flow. The HPLC-ECD were used to measure the concentration of DA and it metabolites homovanillic acid (HVA), 3,4-dehydroxyphenyl acetic acid (DOPAC) in bilateral striatum (ST). The lesioned side ST DA and its metabolites HVA DOPAC reduced significantly than that of the intact side and pseudo-operated control group, ST/cerebellum (CB) 125 I-IBZM uptake ratio was 8.04 ±0.71 in lesioned side of hemi-parkinsonism rats, significantly increased compared with the intact side and the pseudo-operated group (p 99m Tc 30.1±4.53% enhancement as compared to the intact side, and also show good correlation with 30 min Apo induced rotation numbers (r=0.98), the regional cerebral blood flow study didn't show significant difference between bilateral brain cortex area (p>0.05). The DA content decreased significantly and induced an up-regulation of ST D 2 receptor binding sites in 6-OH-DA lesioned side in hemi-parkinsonism rats, the increased percentage of lesioned-intact side ST/CB 125 I-IBZM uptake ratio showed good correlation with rotation behavior induced by Apo. Compare with cerebral blood flow, D 2 receptor reflected by IBZM seems to be more specific and earlier to detect the cerebral functional impairment in experimental hemi-parkinsonism

    1. Learn More About Cerebral Palsy

      Centers for Disease Control (CDC) Podcasts

      2008-03-30

      This podcast describes the causes, preventions, types, and signs and symptoms of cerebral palsy.  Created: 3/30/2008 by National Center on Birth Defects and Developmental Disabilities.   Date Released: 3/21/2008.

    2. Cerebral spinal fluid (CSF) collection

      Science.gov (United States)

      ... ency/article/003428.htm Cerebral spinal fluid (CSF) collection To use the sharing features on this page, please enable JavaScript. Cerebrospinal fluid (CSF) collection is a test to look at the fluid ...

    3. Cerebral Cavernous Malformation and Hemorrhage

      Science.gov (United States)

      ... Text Size: SMALL • LARGE Cerebral Cavernous Angioma and Hemorrhage By Jack Hoch; Reviewed by Dr. Issam Awad ... for years, the mechanism by which these lesions hemorrhage remains poorly understood. Hemorrhage Types Since cavernous angiomas ...

    4. Hydrocephalus in cerebral venous thrombosis

      NARCIS (Netherlands)

      Zuurbier, Susanna M.; van den Berg, René; Troost, Dirk; Majoie, Charles B.; Stam, Jan; Coutinho, Jonathan M.

      2015-01-01

      Increased intracranial pressure is common in cerebral venous thrombosis (CVT), but hydrocephalus is rarely reported in these patients. We examined the frequency, pathophysiology and associated clinical manifestations of hydrocephalus in patients with CVT admitted to our hospital between 2000 and

    5. Cerebral candidiasis. Computed tomography appearance

      International Nuclear Information System (INIS)

      Chaabane, M.; Ladeb, M.F.; Bouhaouala, M.H.; Ben Hammouda, M.; Ataalah, R.; Gannouni, A.; Krifa, H.

      1989-01-01

      A three year old child who had been suffering from oral candidiasis since the age of 1 year presented with osteitis of the clavicle, 2 cerebral frontal abscesses and an occipital abscess which extended across the calvaria and was associated with osteolysis. Histological and microbiological studies following surgery confirmed the diagnosis of candidiasis in this girl who was found to have IgA immunodefinciency. The authors report the computed tomographic appearance of the cerebral lesions and review the literature. (orig.)

    6. Cerebral candidiasis. Computed tomography appearance

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Chaabane, M.; Ladeb, M.F.; Bouhaouala, M.H.; Ben Hammouda, M.; Ataalah, R.; Gannouni, A.; Krifa, H.

      1989-07-01

      A three year old child who had been suffering from oral candidiasis since the age of 1 year presented with osteitis of the clavicle, 2 cerebral frontal abscesses and an occipital abscess which extended across the calvaria and was associated with osteolysis. Histological and microbiological studies following surgery confirmed the diagnosis of candidiasis in this girl who was found to have IgA immunodefinciency. The authors report the computed tomographic appearance of the cerebral lesions and review the literature. (orig.).

    7. Parálisis cerebral :

      OpenAIRE

      Giral Lamenca, Mónica

      2015-01-01

      Se aborda el tema de la parálisis cerebral definiendo qué es, clasificando los tipos de parálisis dependiendo de la afectación y las características principales. Se explican algunos de sus tratamientos, se dan sistemas alternativos y/o aumentativos de comunicación para un alumno con PC (parálisis cerebral).

    8. ANATOMÍA MACROSCÓPICA E IMAGENOLÓGICA DE LAS RAMAS PRECOCES DE LA ARTERIA CEREBRAL MEDIA. Macroscopic and radiological anatomy of early branches of the middle cerebral artery

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Fernando Martínez

      2016-03-01

      Full Text Available Las ramas precoces de la arteria cerebral media son ramas corticales originadas del tronco de la citada arteria. Se trata de arterias que pueden nutrir importantes áreas de los lóbulos temporal, frontal o la ínsula. Por lo tanto, la oclusión de una de estas ramas producirá un área de isquemia con potenciales consecuencias. Se estudiaron 20 hemisferios cerebrales  de cadáveres adultos conservados en formol, y 20 angiografías silvianas realizando una comparación y correlación. En las piezas anatómicas, la arteria cerebral media terminó por bifurcación en el 100% de los casos y dicha bifurcación se sitúo en la porción esfenoidal (M1 en la mayoría de las piezas. Se encontraron ramas precoces en número de1 a4 en el 80%, totalizando 28 arterias, de las cuales 23 tenían destino temporal y 5 frontales. En el material angiográfico la cerebral media terminó por bifurcación en el 95% de los casos y la misma se ubicó en M1 en la mayoría de los casos. Se encontraron ramas precoces en el 70% de los estudios analizados, totalizando 19 ramos. De los mismos, 16 fueron temporales, 1 frontal y en 2 casos no se pudo determinar su destino. Consideramos que los datos anatómicos y angiográficos obtenidos por este y otros estudios son de utilidad en la planificación del clipado de  los aneurismas de la cerebral media. The early branches of the middle cerebral artery are cortical branches that arise from the trunk of this artery. These branches can supply significant areas in the temporal, frontal or insular lobes. Therefore, their occlusion may lead to ischemia and potential sequelae. We studied 20 cerebral hemispheres of formalin-fixed adult cadavers and 20 silvian angiographies in order to compare and correlate them. In the anatomical specimens, the middle cerebral artery ended bifurcating in 100% of the cases and such bifurcation occurred at the sphenoidal segment (M1 in most cases. Early branches ranging from 1 to 4 were found in 80

    9. Efeitos da exposição pré-natal e pós-natal ao etanol no córtex cerebral de ratos: um estudo do neurópilo Effects of prenatal and postnatal ethanol exposure in the cerebral cortex of rats: a study of neuropil

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Márcio Sousa Jerônimo

      2008-02-01

      Full Text Available INTRODUÇÃO: Exposição pré-natal ao etanol é freqüentemente associada a microcefalia e atraso na migração celular. O mecanismo pelo qual o etanol induz seus efeitos no desenvolvimento do sistema nervoso não é muito bem entendido. OBJETIVOS: Avaliar o efeito da exposição crônica ao etanol sobre o córtex visual de ratos durante seu desenvolvimento. MATERIAL E MÉTODO: Ratos Wistar provenientes do acasalamento de 30 fêmeas, divididos nos grupos etanol (n = 10 - 3 g/kg/dia - e controle (n = 10, foram utilizados nesse experimento. Os ratos foram perfundidos e o encéfalo, dividido em três partes: anterior, médio e posterior. Os cortes obtidos do fragmento posterior foram expostos à rotina histológica e submetidos a diferentes técnicas de coloração. Na análise estatística foi utilizado o teste t para comparar os pesos encefálicos e corporais. Considerou-se como nível de rejeição de hipótese nula um valor de p BACKGROUND: Prenatal exposure to ethanol is frequently associated with microencephaly and delayed cell migration. The mechanism by which ethanol affects the development of the nervous system is still not fully understood. OBJECTIVE: To evaluate the effect of chronic exposure to ethanol on the visual cortex of rats during their development. MATERIAL AND METHOD: Wistar rats, born from the mating of 30 females, were divided into two groups: those exposed to ethanol (n = 10 - 3 g/kg/day - and a control group (n = 10. The rats were perfused and brain was divided into three parts: anterior, middle and posterior. Slices taken from the posterior fragment were subjected to histological analysis routine and different staining techniques. A statistical analysis was carried out using t test to compare brain and body weight. A value < 0,05 was considered a rejection of null hypothesis. RESULTS: There was a reduction of brain weight in different analyzed periods. There were no fiber deposits. Ectopia and neuronal heterotopia were

    10. Therapeutic implications of melatonin in cerebral edema.

      Science.gov (United States)

      Rathnasamy, Gurugirijha; Ling, Eng-Ang; Kaur, Charanjit

      2014-12-01

      Cerebral edema/brain edema refers to the accumulation of fluid in the brain and is one of the fatal conditions that require immediate medical attention. Cerebral edema develops as a consequence of cerebral trauma, cerebral infarction, hemorrhages, abscess, tumor, hypoxia, and other toxic or metabolic factors. Based on the causative factors cerebral edema is differentiated into cytotoxic cerebral edema, vasogenic cerebral edema, osmotic and interstitial cerebral edema. Treatment of cerebral edema depends on timely diagnosis and medical assistance. Pragmatic treatment strategies such as antihypertensive medications, nonsteroidal anti-inflammatory drugs, barbiturates, steroids, glutamate and N-methyl-D-aspartate receptor antagonists and trometamol are used in clinical practice. Although the above mentioned treatment approaches are being used, owing to the complexity of the mechanisms involved in cerebral edema, a single therapeutic strategy which could ameliorate cerebral edema is yet to be identified. However, recent experimental studies have suggested that melatonin, a neurohormone produced by the pineal gland, could be an effective alternative for treating cerebral edema. In animal models of stroke, melatonin was not only shown to reduce cerebral edema but also preserved the blood brain barrier. Melatonin's beneficial effects were attributed to its properties, such as being a potent anti-oxidant, and its ability to cross the blood brain barrier within minutes after its administration. This review summarizes the beneficial effects of melatonin when used for treating cerebral edema.

    11. Cerebral trypanosomiasis and AIDS

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Antunes Apio Claudio Martins

      2002-01-01

      Full Text Available A 36 year-old black female, complaining of headache of one month's duration presented with nausea, vomiting, somnolence, short memory problems, loss of weight, and no fever history. Smoker, intravenous drugs abuser, promiscuous lifestyle. Physical examination: left homonimous hemianopsia, left hemiparesis, no papilledema, diffuse hyperreflexia, slowness of movements. Brain CT scan: tumor-like lesion in the splenium of the corpus calosum, measuring 3.5 x 1.4 cm, with heterogeneous enhancing pattern, sugesting a primary CNS tumor. Due to the possibility of CNS infection, a lumbar puncture disclosed an opening pressure of 380 mmH(20; 11 white cells (lymphocytes; glucose 18 mg/dl (serum glucose 73 mg/dl; proteins 139 mg/dl; presence of Trypanosoma parasites. Serum Elisa-HIV tests turned out to be positive. Treatment with benznidazole dramatically improved clinical and radiographic picture, but the patient died 6 weeks later because of respiratory failure. T. cruzi infection of the CNS is a rare disease, but we have an increasing number of cases in HIV immunecompromised patients. Diagnosis by direct observation of CSF is uncommon, and most of the cases are diagnosed by pathological examination. It is a highly lethal disease, even when properly diagnosed and treated. This article intends to include cerebral trypanosomiasis in the differential diagnosis of intracranial space-occupying lesions, especially in immunecompromised patients from endemic regions.

    12. Monitoring Cerebral Oxygenation in Neonates: An Update

      Science.gov (United States)

      Dix, Laura Marie Louise; van Bel, Frank; Lemmers, Petra Maria Anna

      2017-01-01

      Cerebral oxygenation is not always reflected by systemic arterial oxygenation. Therefore, regional cerebral oxygen saturation (rScO2) monitoring with near-infrared spectroscopy (NIRS) is of added value in neonatal intensive care. rScO2 represents oxygen supply to the brain, while cerebral fractional tissue oxygen extraction, which is the ratio between rScO2 and systemic arterial oxygen saturation, reflects cerebral oxygen utilization. The balance between oxygen supply and utilization provides insight in neonatal cerebral (patho-)physiology. This review highlights the potential and limitations of cerebral oxygenation monitoring with NIRS in the neonatal intensive care unit. PMID:28352624

    13. Skeletal muscle ischemia and reperfusion in rats increase lipid peroxidation in rats Isquemia e reperfusão do músculo esquelético aumenta a peroxidação lipídica em ratos

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Carlos Eli Piccinato

      2004-10-01

      Full Text Available PURPOSE: To determine the effects of 30 minutes of ischemia followed by 30 minutes of reperfusion in skeletal muscle of rats receiving three different diets (supplemented, normal and vitamin E deficient on lipoperoxidation (LP. METHODS: LP measured by TBARS levels, and plasma and hepatic concentrations of vitamin E measured by HPLC. RESULTS: The deficient group presented higher lipoperoxidation levels in muscle compared to the control and supplemented groups. CONCLUSION: Supplementation with vitamin E decrease the free radicals production in ischemia/reperfusion in skeletal muscle of rats.OBJETIVO: Existem evidências que nos processos de isquemia e reperfusão do músculo esquelético pode ocorrer uma maior formação de radicais livres e que os efeitos deletérios destes radicais podem ser inibidos pela presença de substâncias antioxidantes, como a vitamina E. MÉTODOS: O presente trabalho demonstra os efeitos de 30 minutos de isquemia seguido de 30 minutos de reperfusão em músculo esquelético de ratos Wistar recebendo 3 diferentes dietas: suplementada 20 vezes (GS, controle (GC e deficiente em vitamina E por 30 dias (GD, sobre a taxa de peroxidação lipídica e níveis plasmáticos e musculares de vitamina E. RESULTADOS: As médias de pesos e de ingestão dietética dos grupos experimentais a cada semana mostrou que não houve diferença estatística significativa entre os 3 grupos que receberam dietas com teores diferentes de vitamina E. Quanto aos valores de vitamina E existiu diferença entre os 3 grupos no músculo, sendo respectivamente o deficiente menor que o controle e menor que o suplementado (GD 2.15 ± 0.44, GC 6.37 ± 1.66 e GS 18.43 ± 1.80, p < 0,05. Os valores musculares das peroxidação lipídica foram altamente influenciados pela dieta, tendo um aumento significativo no grupo deficiente em vitamina E. Estes resultados fortalecem a hipótese de que a isquemia e reperfusão são processos geradores de radicais livres e

    14. Segurança do transplante autólogo, intra-arterial, de células mononucleares da medula óssea na fase aguda do acidente vascular cerebral isquêmico Intra-arterial autologous bone marrow mononuclear cell transplantation for acute ischemic stroke

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Maria Lúcia Furtado de Mendonça

      2006-01-01

      Full Text Available O acidente vascular cerebral (AVC é a terceira causa de óbito e a principal causa de incapacidade em indivíduos adultos. Embora a mortalidade do AVC esteja diminuindo em alguns países, a morbidade tem aumentado em razão do envelhecimento da população e do aumento da sobrevida dos pacientes¹. O tratamento com ativador do plasminogênio tissular recombinante (rt-PA é eficaz quando instituído em até 3 horas após o início dos sintomas², porém seu uso está limitado a cerca de 5% dos pacientes na fase aguda do AVC isquêmico. Além disso, nenhum agente para neuroproteção teve sua eficácia comprovada em estudos clínicos em humanos. Portanto, outras estratégias terapêuticas precisam ser desenvolvidas. Em modelos animais, o uso de células-tronco correlacionou-se com melhora funcional após o AVC³. Publicações recentes têm demonstrado a segurança do tratamento com células mononucleares da medula óssea (CMMO injetadas via intracoronária em pacientes portadores de cardiopatia isquêmica aguda ou crônica4,5. Baseado nesses dados iniciais, há crescente interesse no estudo do transplante com CMMO na fase aguda do AVC. Relatamos o primeiro caso de transplante autólogo de CMMO via intra-arterial na fase aguda do AVC isquêmico.Stroke is the third cause of death and the leading cause of disability in adult subjects. Although stroke mortality has been declining in some countries, stroke morbidity has been increasing due to the aging of population and patients improved survival.¹ Treatment with recombinant tissue plasminogen activator (rtPA is successful provided it is administered within 3 hours of symptoms onset,² but its use is limited to about 5% of the patients with acute ischemic stroke. Furthermore, no neuroprotective agent has yet been proven effective in human clinical trials. The development of other therapeutic strategies is, therefore, warranted. The use of stem cells in animal models has led to functional improvement

    15. Estudo prospectivo das complicações da Doença de Kawasaki: análise de 115 casos Prospective study of Kawasaki Disease complications: review of 115 cases

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Natália Ribeiro de M. Alves

      2011-06-01

      Full Text Available OBJETIVO: Chamar a atenção para as complicações, que podem surgir em qualquer fase da Doença de Kawasaki (DK, para os fatores de risco que contribuem para o aparecimento dessas complicações e para as possíveis sequelas da doença, sejam elas transitórias ou permanentes. MÉTODOS: Estudo prospectivo (coorte clínica realizado entre abril de 2002 e abril de 2009 de 115 pacientes com DK internados no serviço de Reumatologia Pediátrica do Hospital Geral do Distrito Federal. Todos os pacientes foram sequencialmente avaliados com exames clínicos e laboratoriais, ecocardiogramas com Doppler, imitanciometria, potenciais evocados auditivos, avaliação psicológica, exame oftalmológico e, em um paciente com coreia, angiorressonância magnética cerebral. Em todos os pacientes foram aplicados questionários avaliando a possível presença de dificuldades cognitivas, emocionais, comportamentais e sociais. RESULTADOS: Vinte e cinco pacientes (21,7% apresentaram aneurismas de coronárias. Trinta e oito pacientes (33% apresentaram perda auditiva neurossensorial durante a doença aguda e subaguda, e 13 pacientes (11,3% mantiveram a perda auditiva seis meses após a primeira avaliação. Outras complicações observadas foram: paralisia facial em um paciente (0,9%, ataxia na fase aguda e subaguda em 11 pacientes (9,5%, complicações oftalmológicas em 15 pacientes (13,2%, constatando-se uveíte em 13, edema de papila em um paciente e hemorragia conjuntival em outro. Um paciente apresentou coreia (0,9% sendo que a angioressonância magnética evidenciou alterações compatíveis com isquemia cerebral. Em um paciente constatou-se a presença de aneurisma de aorta torácica (0,9%, e outro apresentou vasculite necrosante que evoluiu com gangrena periférica e perda da ponta da língua (0,9%. Alterações de comportamento durante a convalescença (20% foi observada em 23 crianças. CONCLUSÃO: A DK pode evoluir com complicações diversas, mesmo meses

    16. Sentimentos vivenciados por fisioterapeutas no atendimento a pessoas com paralisia cerebral Physiotherapist's feelings on attending people with cerebral palsy

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Dinael Corrêa de Campos

      2009-08-01

      Full Text Available Considerando que os estudos sobre a relação profissional de saúde e cliente contribuíram para o surgimento da proposta do modelo humanizado de atendimento, esta pesquisa investigou os possíveis sentimentos de fisioterapeutas em relação ao atendimento de pessoas com paralisia cerebral, já que esta condição, a paralisia cerebral, é considerada sem cura pela medicina e com possibilidades de melhora diretamente vinculadas aos exercícios fisioterapêuticos. Utilizando um instrumento contendo perguntas abertas, foram realizadas entrevistas com fisioterapeutas que atendem aos casos com sequelas mais graves: ausência total da linguagem verbal e comprometimentos motores que levam os pacientes à situação de acamados. Mediante a análise de conteúdo, verificou-se que a paralisia cerebral é reconhecida pelos fisioterapeutas como um quadro neurológico e as limitações no alcance de resultados terapêuticos são vistas como normais. Assim, as mudanças, mesmo sendo reduzidas e obtidas em longo prazo, tornam o atendimento gratificante para os fisioterapeutas por representarem uma superação de desafios.Considering the studies about professional relation among health and clients contributted to arise the purposes about a humanized model of assistance. This research shows the physiotherapists' feelings on attending people with cerebral palsy, taking in accounting the cerebral palsy is presented by the medicine as a reverseless decease and having possibilities of changing entailed to the physiotherapy. By means of interviews and questionaries answered by physiotherapists, and using the contents of analysis, we can notice that the cerebral palsy is understood by the professional of physiotherapy like a neurological condition, so the limitations on reaching are noticed as normal. Thus, even the changes reduced in the long run, they make the attendance to be rewarding for the professional of physiotherapy, because these changes represent the

    17. Cerebral Sinovenous Thrombosis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Rebecca Ichord

      2017-07-01

      Full Text Available Cerebral sinovenous thrombosis (CSVT is a rare but serious cerebrovascular disorder affecting children from the newborn period through childhood and adolescence. The incidence is estimated at 0.6/100,000/year, with 30–50% occurring in newborns. Causes are diverse and are highly age dependent. Acute systemic illness is the dominant risk factor among newborns. In childhood CSVT, acute infections of the head and neck such as mastoiditis are most common, followed by chronic underlying diseases such as nephrotic syndrome, cancer, and inflammatory bowel disease. Signs and symptoms are also age related. Seizures and altered mental status are the commonest manifestations in newborns. Headache, vomiting, and lethargy, sometimes with 6th nerve palsy, are the most common symptoms in children and adolescents. Recent multicenter cohort studies from North America and Europe have provided updated information on risk factors, clinical presentations, treatment practices, and outcomes. While systemic anticoagulation is the most common specific treatment used, there are wide variations and many uncertainties even among experts concerning best practice. The treatment dilemma is especially pronounced for neonatal CSVT. This is due in part to the higher prevalence of intracranial hemorrhage among newborns on the one hand, and the clear evidence that newborns suffer greater long-term neurologic morbidity on the other hand. With the advent of widespread availability and acceptance of acute endovascular therapy for arterial ischemic stroke, there is renewed interest in this therapy for children with CSVT. Limited published evidence exists regarding the benefits and risks of these invasive therapies. Therefore, the authors of current guidelines advise reserving this therapy for children with progressive and severe disease who have failed optimal medical management. As research focused on childhood cerebrovascular disease continues to grow rapidly, the future prospects

    18. 11 Things to Know about Cerebral Palsy

      Science.gov (United States)

      ... Button Past Emails 11 Things to Know about Cerebral Palsy Language: English (US) Español (Spanish) Recommend on Facebook Tweet Share Compartir Cerebral palsy (CP) is the most common motor disability in ...

    19. Efeitos da prostaglandina E1 (PGE1 na gênese de capilares sanguíneos em músculo esquelético isquêmico de ratos: estudo histológico Effects of prostaglandin E1 (PGE1 in the genesis of blood capillaries in rat ischemic skeletal muscle: histological study

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Dorival Moreschi Jr.

      2007-12-01

      Full Text Available CONTEXTO: A angiogênese terapêutica é uma modalidade de tratamento para pacientes com insuficiência arterial crônica que não têm indicação para revascularização direta ou angioplastia e que não tiveram uma resposta satisfatória ao tratamento clínico. Entre as drogas utilizadas para essa finalidade está a prostaglandina E1 (PGE1. OBJETIVO: Estudar os aspectos morfológicos na gênese de capilares sanguíneos em músculo esquelético do membro caudal de ratos submetidos à isquemia sob a ação da PGE1, administrada por via intramuscular (IM ou endovenosa (EV. MÉTODOS: Foram utilizados 48 ratos, linhagem Wistar-UEM, distribuídos aleatoriamente em três grupos de 16, redistribuídos igualmente em dois subgrupos, observados no 7º e 14º dias, sendo um grupo controle onde apenas foi provocada a isquemia no membro, outro com a isquemia e a injeção da PGE1 via IM e outro com a isquemia e a injeção da PGE1 EV. Para análise dos resultados, foram realizadas a coloração com hematoxilina e eosina (HE e coloração imuno-histoquímica. RESULTADOS: Constatou-se um aumento estatisticamente significativo no número de capilares nos subgrupos com o uso da PGE1 IM e EV, através da contagem nos cortes corados com HE. A imunomarcação não foi eficiente para a quantificação dos capilares. CONCLUSÕES: A PGE1, administrada por via IM ou EV, promoveu, após 14 dias de observação, um aumento no número de capilares no músculo esquelético de ratos submetido à isquemia, identificáveis histologicamente com a coloração em HE. A imunocoloração não permitiu estabelecer uma correlação com o aumento de vasos encontrados na coloração com HE.BACKGROUND: Therapeutic angiogenesis is a treatment modality for patients with chronic arterial insufficiency who do not have indication for direct reconstruction or angioplasty and who were not successfully submitted to clinical treatment. Prostaglandin E1 (PGE1 is one of the drugs used for this

    20. NEYROPSYCHOLOGICAL CONSECUENCES OF CEREBRAL PALSY

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      ANA MARÍA NAVARRO MELENDRO

      2005-01-01

      Full Text Available Cerebral Palsy is defined as a movement alteration result of a non progressive damage witch is permanent in anencephalon that has not acquired its final maturation. Patients that suffer cerebral palsy present learning disabilities,that varies between being completely normal to severe as a consequence of memory, gnosis, praxis, perceptive andlanguage impairments. Nevertheless the consequences of this disease are not always predictable. This paper pretendsto make a description of the cognitive and behavioral deficits that overcomes along with the manifestation of thecerebral palsy and its possible treatment. We used a complete neuropsychological battery to evaluate a 7 years oldpatient who was diagnosed of cerebral palsy and spastic diplegia finding some cognitive impairment in fields such asmnesic, gnosic and attention processes.

    1. Deep Cerebral Vein Thrombosis: A Clinical Masquerader

      OpenAIRE

      Kumar, Prabhat; Sasmal, Gargi; Mahto, Subodh Kumar; Gupta, Shreya; Gupta, Harish

      2017-01-01

      Cerebral Vein Thrombosis (CVT) is an uncommon cause of stroke. Thrombosis can occur in superficial veins, deep venous system or cortical veins of brain. The term Deep Cerebral Vein Thrombosis (DCVT) is used for thrombosis of internal cerebral vein, vein of Galen and basal vein of Rosenthal. Only 10% cases of CVT are because of thrombosis of deep cerebral vein. The diagnosis of DCVT is often missed because of its heterogenous presentation. Herein, we present a case of DCVT which was initially ...

    2. Influência do pré-condicionamento isquêmico na proteção miocárdica em revascularização do miocárdio com pinçamento intermitente da aorta

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      PÊGO-FERNANDES Paulo M.

      2001-01-01

      Full Text Available Objetivo: Este estudo testa a hipótese de que curtos períodos de isquemia podem aumentar a proteção obtida pelo pinçamento intermitente da aorta. Métodos: No grupo controle (18, a operação foi realizada com hipotermia sistêmica a 32 ºC com pinçamento intermitente da aorta e uso de circulação extracorpórea (CEC. No segundo grupo, denominado de pré-condicionamento (17, foram acrescidos dois pinçamentos de 3 minutos da aorta com intervalo de 2 minutos de reperfusão entre eles, previamente ao pinçamento intermitente da forma convencional. CK-MB, troponina I, adenosina e lactato foram obtidos do seio ocoronário no início da circulação extracorpórea (1, ao final da segunda anastomose (2 e ao final da CEC (3. Resultados: Os níveis de CK-MB e troponina I apresentaram uma leve tendência a aumentar ao final da CEC no grupo controle, enquanto os de adenosina e lactato não apresentaram diferença. Conclusão: Concluímos que o pré-condicionamento isquêmico não promoveu melhora significante na proteç��o miocárdica.

    3. Effects of Hyperglycemia and Effects of Ketosis on Cerebral Perfusion, Cerebral Water Distribution, and Cerebral Metabolism

      Science.gov (United States)

      Glaser, Nicole; Ngo, Catherine; Anderson, Steven; Yuen, Natalie; Trifu, Alexandra; O’Donnell, Martha

      2012-01-01

      Diabetic ketoacidosis (DKA) may cause brain injuries in children. The mechanisms responsible are difficult to elucidate because DKA involves multiple metabolic derangements. We aimed to determine the independent effects of hyperglycemia and ketosis on cerebral metabolism, blood flow, and water distribution. We used magnetic resonance spectroscopy to measure ratios of cerebral metabolites (ATP to inorganic phosphate [Pi], phosphocreatine [PCr] to Pi, N-acetyl aspartate [NAA] to creatine [Cr], and lactate to Cr) and diffusion-weighted imaging and perfusion-weighted imaging to assess cerebral water distribution (apparent diffusion coefficient [ADC] values) and cerebral blood flow (CBF) in three groups of juvenile rats (hyperglycemic, ketotic, and normal control). ATP-to-Pi ratio was reduced in both hyperglycemic and ketotic rats in comparison with controls. PCr-to-Pi ratio was reduced in the ketotic group, and there was a trend toward reduction in the hyperglycemic group. No significant differences were observed in NAA-to-Cr or lactate-to-Cr ratio. Cortical ADC was reduced in both groups (indicating brain cell swelling). Cortical CBF was also reduced in both groups. We conclude that both hyperglycemia and ketosis independently cause reductions in cerebral high-energy phosphates, CBF, and cortical ADC values. These effects may play a role in the pathophysiology of DKA-related brain injury. PMID:22498698

    4. Recent Experiences with Severe and Cerebral Malaria

      African Journals Online (AJOL)

      1974-06-29

      Jun 29, 1974 ... Malaria admissions. Cerebral malaria ... Cerebral signs. Haemoglobin below 10 g/100 ml (not all tested). Enlarged tender liver or jaundice, or both ... articl~ by H. Smitskamp and F. H. Wolthuis entitled 'New concepts in treatment of malaria with malignant tertian cerebral involvement' which appeared in the ...

    5. Cerebral Syphilitic Gumma in Immunocompetent Man, Japan.

      Science.gov (United States)

      Kodama, Tatsuya; Sato, Hidenori; Osa, Morichika; Fujikura, Yuji; Kawana, Akihiko

      2018-02-01

      Although cerebral syphilitic gummas are generally considered to be rare manifestations of tertiary syphilis, many reports exist of early cerebral syphilitic gumma. Our finding of cerebral syphilitic gumma in an HIV-negative man within 5 months after syphilis infection suggests that this condition should be considered in syphilis patients who have neurologic symptoms.

    6. Cerebral vasculitis associated with cocaine abuse

      International Nuclear Information System (INIS)

      Kaye, B.R.; Fainstat, M.

      1987-01-01

      A case of cerebral vasculitis in a previously healthy 22-year-old man with a history of cocaine abuse is described. Cerebral angiograms showed evidence of vasculitis. A search for possible causes other than cocaine produced no results. The authors include cocaine with methamphetamines, heroin, and ephedrine as illicit drugs that can cause cerebral vasculitis

    7. Cerebral toksoplasmose primaert diagnosticeret som tumor

      DEFF Research Database (Denmark)

      Cortsen, M E; Skøt, J; Skriver, E B

      1992-01-01

      Three cases of cerebral toxoplasmosis as the presenting manifestation of AIDS are reported. The initial diagnoses were brain tumors because of the cerebral mass lesions which resembled glioblastoma. In the light of the increasing occurrence of AIDS, attention is drawn to cerebral toxoplasmosis...

    8. Neuroevolutional Approach to Cerebral Palsy and Speech.

      Science.gov (United States)

      Mysak, Edward D.

      Intended for cerebral palsy specialists, the book emphasizes the contribution that a neuroevolutional approach to therapy can make to habilitation goals of the child with cerebral palsy and applies the basic principles of the Bobath approach to therapy. The first section discusses cerebral palsy as a reflection of disturbed neuro-ontogenisis and…

    9. Cerebral MR imaging in vasculitis

      International Nuclear Information System (INIS)

      Ott, D.; Geissler, A.; Peter, H.H.

      1990-01-01

      This paper evaluates the diagnostic sensitivity and specificity of MR imaging for the detection of cerebral involvement in vasculitis. Seventy-six patient with proved systematic vasculitis and two with isolated cerebral vasculitis were examined. Half of them had central nervous system symptoms. T2-weighted sequences were performed at 2 T in most cases. All but two symptomatic and one-third of the asymptomatic patients showed pathologic changes in the white matter. The distribution and shape of lesions depend on the caliber of the involved vessel. In small-vessel vasculitis, the distribution was mostly subcortical, the average size was 0.5--10 mm, and lesions were predominantly round

    10. Features to validate cerebral toxoplasmosis

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Carolina da Cunha Correia

      2013-06-01

      Full Text Available Introduction Neurotoxoplasmosis (NT sometimes manifests unusual characteristics. Methods We analyzed 85 patients with NT and AIDS according to clinical, cerebrospinal fluid, cranial magnetic resonance, and polymerase chain reaction (PCR characteristics. Results In 8.5%, focal neurological deficits were absent and 16.4% had single cerebral lesions. Increased sensitivity of PCR for Toxoplasma gondii DNA in the central nervous system was associated with pleocytosis and presence of >4 encephalic lesions. Conclusions Patients with NT may present without focal neurological deficit and NT may occur with presence of a single cerebral lesion. Greater numbers of lesions and greater cellularity in cerebrospinal fluid improve the sensitivity of PCR to T gondii.

    11. What is cerebral small vessel disease?

      International Nuclear Information System (INIS)

      Onodera, Osamu

      2011-01-01

      An accumulating amount of evidence suggests that the white matter hyperintensities on T 2 weighted brain magnetic resonance imaging predict an increased risk of dementia and gait disturbance. This state has been proposed as cerebral small vessel disease, including leukoaraiosis, Binswanger's disease, lacunar stroke and cerebral microbleeds. However, the concept of cerebral small vessel disease is still obscure. To understand the cerebral small vessel disease, the precise structure and function of cerebral small vessels must be clarified. Cerebral small vessels include several different arteries which have different anatomical structures and functions. Important functions of the cerebral small vessels are blood-brain barrier and perivasucular drainage of interstitial fluid from the brain parenchyma. Cerebral capillaries and glial endfeet, take an important role for these functions. However, the previous pathological investigations on cerebral small vessels have focused on larger arteries than capillaries. Therefore little is known about the pathology of capillaries in small vessel disease. The recent discoveries of genes which cause the cerebral small vessel disease indicate that the cerebral small vessel diseases are caused by a distinct molecular mechanism. One of the pathological findings in hereditary cerebral small vessel disease is the loss of smooth muscle cells, which is an also well-recognized finding in sporadic cerebral small vessel disease. Since pericytes have similar character with the smooth muscle cells, the pericytes should be investigated in these disorders. In addition, the loss of smooth muscle cells may result in dysfunction of drainage of interstitial fluid from capillaries. The precise correlation between the loss of smooth muscle cells and white matter disease is still unknown. However, the function that is specific to cerebral small vessel may be associated with the pathogenesis of cerebral small vessel disease. (author)

    12. Edema cerebral: aportaciones de la investigación básica al manejo clínico

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Karina Tuz

      2004-01-01

      Full Text Available El edema cerebral es una complicación clínica severa, asociada a numerosas patologías y es causa frecuente de muerte. Puede ser vasogénico o celular, aunque generalmente ambos tipos de edema coexisten. El edema celular afecta de manera predominante a los astrocitos y ocurre en condiciones hiposmóticas (hiponatremia o isosmóticas (traumatismo craneoencefálico, isquemia, epilepsias, encefalopatía hepática. En el edema hiposmótico las células del cerebro tienen la capacidad de recuperar el volumen, mediante un mecanismo activo de adaptación, consistente en la movilización de osmolitos intracelulares, que son los iones K+ y Cl- y moléculas orgánicas, como aminoácidos, polialcoholes y aminas. La adaptación a la condición de hiponatremia modifica la concentración de estos osmolitos, restableciendo la isosmolaridad de la célula con el entorno hiposmótico. La corrección de la condición hiponatrémica debe tomar en cuenta estos mecanismos adaptativos para evitar que un ajuste demasiado rápido no sea seguido por el correspondiente cambio en la concentración de osmolitos intracelulares. En el edema isosmótico, aparentemente no existen los mecanismos de regulación activa del volumen debido, posiblemente a que es el cambio en la distribución iónica el responsable del edema. Por ello, la estrategia de prevención parece ser el mecanismo indicado para evitar las complicaciones asociadas a este tipo de edema.

    13. Fisiopatologia da enxaqueca

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      VINCENT MAURICE B.

      1998-01-01

      Full Text Available A fisiopatologia da enxaqueca ainda não foi completamente elucidada. As principais estruturas envolvidas parecem ser o sistema nervoso central (córtex e tronco cerebral, o sistema trigeminovascular e os vasos correspondentes, outras fibras autonômicas que inervam estes vasos, e os vários agentes vasoativos locais, como a SP, CGRP, NO, VIP, NPY, ACh, NA, NKA, entre outros. A depressão alastrante é o fenômeno neurológico que provavelmente justifica achados experimenais e clínicos na enxaqueca. Ela tem velocidade de propagação semelhante à aura, ativa o núcleo espinhal do trigêmeo e está relacionada à liberação de CGRP e NO. Alterações circulatórias detectadas por métodos complementares reforçam o papel da depressão alastrante. A identificação de anormalidades em pelo menos três loci (cromossomas 19 e 1 na enxaqueca hemiplégica familiar ocorreu recentemente. Elas estão relacionadas a anormalidades nos canais de cálcio voltagem dependentes tipo P/Q, específicos do sistema nervoso central, que regulam a liberação de vários neurotransmissores, incluindo possivelmente a serotonina. A exemplo de outras anormalidades neurológicas paroxísticas que resultam da hiperexcitabilidade da membrana plasmática, é possível que a enxaqueca ocorra devido a uma desordem de canais iônicos.

    14. Diagnóstico y tratamiento de los aneurismas saculares de la arteria cerebral anterior

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Raúl F. Matera

      1956-12-01

      mantendrá baja durante la disección del cuello del aneurisma; ligado el mismo, de inmediato la tensión arterial debe ser llevada a sus valores normales, usando si fuere necesario, la transfusión intraarterial. En los casos de espasmos, observados en la arteriografía, no debe utilizarse la hipotensión controlada, puesto que, hipotensión arterial más isquemia por espasmo lleva, en forma irremisible, a la trombosis arterial y al infarto hemorrágico fronto-calloso y muerte. Presentamos 10 casos de aneurismas del complejo comunicante-cerebral anterior operados, con 3 fallecimientos y 7 recuperaciones totales.

    15. Cerebral cuterebrosis in a dog.

      Science.gov (United States)

      Sartin, E A; Hendrix, C M; Dillehay, D L; Nicholls, B

      1986-11-15

      A second instar Cuterebra larva was found in the thickened meninges of a 6-week-old female Doberman Pinscher at necropsy. The dog appeared blind and had chewing fits before death. Cerebral cuterebrosis in the dog is uncommon. This report briefly discusses the pathogenesis of the condition.

    16. Ocular defects in cerebral palsy

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Katoch Sabita

      2007-01-01

      Full Text Available There is a high prevalence of ocular defects in children with developmental disabilities. This study evaluated visual disability in a group of 200 cerebral palsy (CP patients and found that 68% of the children had significant visual morbidity. These findings emphasize the need for an early ocular examination in patients with CP.

    17. MR imaging of cerebral palsy

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Saginoya, Toshiyuki [Urasoe General Hospital, Okinawa (Japan); Yamaguchi, Keiichiro; Kuniyoshi, Kazuhide [and others

      1996-06-01

      We evaluated 35 patients with cerebral palsy on the basis of MR imaging findings in the brain. The types of palsy were spastic quadriplegia (n=11), spastic diplegia (n=9), spastic hemiplegia (n=2), double hemiplegia (n=1), athetosis (n=10) and mixed (n=2). Of all patients, 28 (80%) generated abnormal findings. In spastic quadriplegia, although eight cases revealed severe brain damage, two cases showed no abnormal findings in the brain. One of the three had cervical cord compression caused by atlanto-axial subluxation. In spastic diplegia, the findings were divided according to whether the patient was born at term or preterm. If the patient had been born prematurely, the findings showed periventricular leukomalacia and abnormally high intensity in the posterior limbs of the internal capsule on T2-weighted images. MR imaging in spastic hemiplegia revealed cerebral infarction. In the athetoid type, half of all cases showed either no abnormal findings or slight widening of the lateral ventricle. Three cases showed abnormal signals of the basal ganglia. The reason why athetoid-type palsy did not show severe abnormality is unknown. We believe that MR imaging is a useful diagnostic modality to detect damage in the brain in cerebral palsy and plays an important role in the differentiation of cerebral palsy from the spastic palsy disease. (author)

    18. Cerebral imaging revealing Alzheimer's disease

      International Nuclear Information System (INIS)

      2011-01-01

      Cerebral imaging is the only non-invasive means of examining the brain and is essential in studying Alzheimer's disease. As a tool for early diagnosis, evaluation and treatment monitoring, this technology is at the heart of the research being done to further improve its reliability and sensitivity. (authors)

    19. Neuropathology of Acquired Cerebral Trauma.

      Science.gov (United States)

      Bigler, Erin D.

      1987-01-01

      To help educators understand the cognitive and behavioral sequelae of cerebral injury, the neuropathology of traumatic brain injury and the main neuropathological features resulting from trauma-related brain damage are reviewed. A glossary with definitions of 37 neurological terms is appended. (Author/DB)

    20. Cerebral blood-flow tomography

      DEFF Research Database (Denmark)

      Lassen, N A; Henriksen, L; Holm, S

      1983-01-01

      Tomographic maps of local cerebral blood flow (CBF) were obtained with xenon-133 and with isopropyl-amphetamine-iodine-123 (IMP) in 11 subjects: one normal, two tumor cases, and eight cerebrovascular cases. A highly sensitive four-face, rapidly rotating, single-photon emission tomograph was used....

    1. Cerebral edema in drug addicts

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Daruši Dragana J.

      2014-01-01

      Full Text Available Background/Aim. The effect of drugs leaves permanent consequences on the brain, organic in type, followed by numerous manifestations, and it significantly affects the development of mental dysfunctions. The clinicians are often given a task to estimate a patient’s personality during treatment or during experts estimate of a drug addict. The aim of this research was to determine the differences, if any, in characteristics of addicts experience and personality traits in drug addicts with or without cerebral edema. Methods. The research was conducted on a sample of 252 male drug addicts, the average age of 23.3 (SD = 4.3 years. Cerebral edema was confirmed on magnetic resonance (MR images of the brain performed during the treatment of the addicts. The participants were tested by the psychologists using Minnesota Multiphasic Personality Inventory (MMPI-201 test, and the data were processed using canonical discriminate analysis within the SPSS program. The dependent variable in the study was cerebral edema. A block of independent variables, designed for the requirements of this study, consisted of two subgroups. The first one consisted of 12 variables describing the relevant characteristics of drug abuse. The second subgroup consisted of 8 psychopathological tendencies in the personality defined by the mentioned test. Results. Cerebral edema was confirmed in 52 (20.63% of the drug addicts. The differences between the groups of drug addicts with and without cerebral edema were determined in the following: the time span of taking drugs (0.301, use of alcohol parallel with drugs (0.466, and treatment for addiction (0.603. In the drug addicts with a cerebral edema, MMPI-201 confirmed the increase in the scales for hypochondria, psychopathic deviations and psychastenia, and the decrease in the scales for schizophrenia and depression. Conclusion. Our study confirmed a possible connection between cerebral edema and personality traits in a number of the

    2. Contraceptives and cerebral thrombosis: a five-year national case-control study

      DEFF Research Database (Denmark)

      Lidegaard, Øjvind; Kreiner, Svend

      2002-01-01

      Oral contraceptives; Cerebral thrombosis; Thrombotic stroke; Transitory cerebral ischemic attack; Thrombosis......Oral contraceptives; Cerebral thrombosis; Thrombotic stroke; Transitory cerebral ischemic attack; Thrombosis...

    3. [Advances in genetic research of cerebral palsy].

      Science.gov (United States)

      Wang, Fang-Fang; Luo, Rong; Qu, Yi; Mu, De-Zhi

      2017-09-01

      Cerebral palsy is a group of syndromes caused by non-progressive brain injury in the fetus or infant and can cause disabilities in childhood. Etiology of cerebral palsy has always been a hot topic for clinical scientists. More and more studies have shown that genetic factors are closely associated with the development of cerebral palsy. With the development and application of various molecular and biological techniques such as chromosome microarray analysis, genome-wide association study, and whole exome sequencing, new achievements have been made in the genetic research of cerebral palsy. Chromosome abnormalities, copy number variations, susceptibility genes, and single gene mutation associated with the development of cerebral palsy have been identified, which provides new opportunities for the research on the pathogenesis of cerebral palsy. This article reviews the advances in the genetic research on cerebral palsy in recent years.

    4. Efeito do óleo de copaíba nas aminotransferases de ratos submetidos à isquemia e reperfusão hepática com e sem pré-condicionamento isquêmico Copaiba oil effect in rats aminotrasnferases submitted to hepatic ischemic and reperfusion with and without preconditioning

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Francisco Alves de Araújo Júnior

      2005-02-01

      Full Text Available OBJETIVO: Estudar o efeito do óleo de copaíba nas aminotransferases de ratos submetidos à isquemia e reperfusão (IR hepática, com e sem pré-condicionamento isquêmico (PCI. MÉTODOS: Foram utilizados 24 Rattus norvegicus albinus machos distribuídos em: Grupo padrão (GP, Grupo copaíba (GC, Grupo isquemia-reperfusão (GIR, Grupo isquemia-reperfusão + copaíba (GIRC, Grupo pré-condicionamento isquêmico (GPCI e Grupo pré-condicionamento isquêmico + copaíba (GPCIC. Foi administrado 0,63ml/kg/dia de copaíba, durante sete dias, por meio de gavagem nos animais do GC, GIRC e GPCIC. A isquemia hepática foi de 30 minutos e, nos animais submetidos ao PCI, realizou-se isquemia de 10 minutos, seguida de reperfusão de 5 minutos e isquemia de 30 minutos com posterior reperfusão. Os animais foram anestesiados via inalatória com éter etílico. O período de reperfusão foi de 24 horas. No 1° DPO foi realizada coleta de sangue venoso e dosagem das aminotransferases. RESULTADOS: Os níveis de AST não se alteraram nos animais submetidos à administração do óleo de copaíba. O óleo estudado não alterou os valores de ALT no GIRC quando comparado com o GIR, entretanto, houve aumento do nível sérico dessa enzima no GPCIC em comparação com o GPCI. CONCLUSÃO: O óleo de copaíba não alterou os níveis de AST nos grupos estudados. Ao se avaliar a ALT, esse óleo não influenciou os valores séricos nos animais submetidos somente à IR hepática, entretanto houve aumento dos níveis dessa enzima no GPCIC em relação ao seu controle. Os valores de ALT não foram diferentes estatisticamente entre os grupos IRC e PCIC.PURPOSE: To study the copaiba oil effect in rats' aminotrasnferases submited to hepatic ischemic and reperfusion with and without preconditioning. METHODS: 24 male and adults rats (Rattus norvegicus albinus,Wistar were distributed into six groups: Standard Group (SG; Copaiba Group (CG, Ischemic-reperfusion Group (IRG, Ischemic

    5. Potencial evocado auditivo na monitorização de 15 microlaser cirurgias do tronco cerebral

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Luiz Henrique Mattos Pimenta

      1989-12-01

      Full Text Available Baseados na experiência de 15 casos, os autores salientam a importância do uso sistemático do potencial evocado auditivo do tronco cerebral na monitorização peroperatória do tronco cerebral, área das mais delicadas do cérebro, evitando que o cirurgião seja advertido pelo anestesista de que seu paciente está apresentando bradicardia ou arritmia. Apenas a cirurgia com Laser (acoplado a microscópio permite monitorização contínua, sem interferência de aparelhagem elétrica. Além disso, nos casos relatados, foi verificada a existência de alterações da fisiologia do tronco cerebral quando usados o bipolar ou micro-dissectores, o que não ocorre com o Laser a. CO2.

    6. Cerebral blood flow and cerebral oxygen metabolism in thalamic hemorrhage

      Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

      Yasui, Nobuyuki; Asakura, Ken

      1987-12-01

      Cerebral blood flow (CBF), cerebral oxygen consumption (CMRO/sub 2/), oxygen extraction fraction (OEF) and cerebral blood volume (CBV) were studied in 20 cases of thalamic hemorrhage using positron CT and /sup 15/O labeled gas steady-state inhalation method. CBF reduction was limited around the thalamus in the small sized hematoma. CBF were significantly diminished in the mean cortical, parietal, temporal, basal ganglia and thalamic area ipsilateral and cerebellar cortex contralateral to the medium sized hematoma. There was bilateral and diffuse CBF reduction in the large sized hematoma which was caused by increased intracranial pressure. CMRO/sub 2/ value were similary changed as CBF. OEF change showed within normal limit. Diffuse CBV reduction was observed in the large sized hematoma. This reduction was the result of decreased vascular bed caused by mass effect of the hematoma and hydrocephalus. Effect of surgical treatment such as ventricular drainage and hematoma evacuation were also discussed in correlation to CBF in some case using positron and single photon ECT.

    7. Clinical application of cerebral dynamic perfusion studies

      International Nuclear Information System (INIS)

      DeLand, F.H.

      1975-01-01

      Radionuclide cerebral perfusion studies are assuming a far greater importance in the detection and differential diagnosis of cerebral lesions. Perfusion studies not only contribute to the differential diagnosis of lesions but in certain cases are the preferred methods by which more accurate clinical interpretations can be made. The characteristic blood flow of arterio-venous malformations readily differentiates this lesion from neoplasms. The decreased perfusion or absent perfusion observed in cerebral infarctions is diagnostic without concurrent evidence from static images. Changes in rates and direction of blood flow contribute fundamental information to the status of stenosis and vascular occlusion and, in addition, offer valuable information on the competency and routes of collateral circulation. The degree of cerebral perfusion after cerebral vascular accidents appears to be directly related to patient recovery, particularly muscular function. Cerebral perfusion adds a new parameter in the diagnosis of subdural haematomas and concussion and in the differentiation of obscuring radioactivity from superficial trauma. Although pictorial displays of perfusion blood flow will offer information in most cerebral vascular problems, the addition of computer analysis better defines temporal relationships of regional blood flow, quantitative changes in flow and the detection of the more subtle increases or decreases in cerebral blood flow. The status of radionuclide cerebral perfusion studies has taken on an importance making it the primary modality for the diagnosis of cerebral lesions. (author)

    8. Perfusão da artéria pulmonar não melhora os índices de fator natriurético cerebral (BNP em estudo experimental em suínos Pulmonary artery perfusion does not improve brain natriuretic peptide (BNP levels in suine experimental research

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Edmo Atique Gabriel

      2010-12-01

      Full Text Available OBJETIVO: Avaliar se perfusão controlada do tronco pulmonar durante circulação extracorpórea (CEC modifica os níveis de BNP expressos pelo miocárdio ventricular. MÉTODOS: Estudo experimental com 32 porcos, divididos em dois grupos de acordo com estratégia de CEC - grupo I (cardioplegia e grupo II (coração batendo. Ambos os grupos foram alocados em três subgrupos, de acordo com a estratégia de perfusão pulmonar - subgrupo A (controle: sem perfusão pulmonar, subgrupo B (perfusão pulmonar com sangue arterial e subgrupo C (perfusão com sangue venoso. Nos subgrupos B e C, pulmões foram perfundidos por 30 minutos, utilizando pressão arterial média pulmonar (PAPM préoperatória como pressão de perfusão, a qual foi controlada com manômetro. PAPM e resistência vascular pulmonar (RVP foram medidas após saída de CEC com cateter de Swan-Ganz. No período pré-operatório e após 30 minutos de perfusão pulmonar, fragmentos de miocárdio ventricular direito foram coletados para avaliar expressão de peptídeo natriurético cerebral (BNP e padrão histológico tecidual. Técnicas de imunohistoquímica e hematoxilina-eosina foram utilizadas para determinar, respectivamente, expressão de BNP e lesões inflamatórias miocárdicas. RESULTADOS: Nos animais submetidos à perfusão controlada do tronco pulmonar, houve redução pós-operatória da PAPM (P=0,03 e da RVP (P=0,005. Não houve diferenças entre os subgrupos do grupo I (P=0,228 e subgrupos do grupo II (P=0,325 quanto à expressão pós-operatória de BNP. Não houve diferenças entre subgrupos com e sem perfusão pulmonar quanto à intensidade das lesões inflamatórias miocárdicas identificadas no pós-operatório (P>0,05. CONCLUSÃO: Perfusão controlada do tronco pulmonar por 30 minutos não foi suficiente para promover alterações substanciais na expressão de BNP e no padrão histológico miocárdico do ventrículo direito.OBJECTIVE: Assess if the main pulmonary artery

    9. CEREBRAL PALSY. PRENTICE-HALL FOUNDATIONS OF SPEECH PATHOLOGY SERIES.

      Science.gov (United States)

      CHANCE, BURTON, JR.; MCDONALD, EUGENE T.

      THIS INTRODUCTORY TEXT ON CEREBRAL PALSY IS DIVIDED INTO TWO SECTIONS. THE FIRST SECTION OF THE BOOK CONTAINS INFORMATION ABOUT UNDERSTANDING THE MEANING OF CEREBRAL PALSY, PROGRAMS FOR THOSE WITH CEREBRAL PALSY, THE NEUROLOGICAL BASES, ETIOLOGY, AND DIAGNOSIS, AND THE CLASSIFICATION OF CEREBRAL PALSY. PROBLEMS OFTEN ASSOCIATED WITH CEREBRAL PALSY…

    10. Arritmias potenciadas por isquemia sub-epicárdica en pared transmural heterogénea cardiaca: un estudio teórico de simulación Arrhythmias potentiated by sub-epicardial ischemia in transmural heterogeneous cardiac wall: theoretical simulation study

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Óscar A Henao

      2011-02-01

      Full Text Available La fibrilación ventricular, la isquemia miocárdica y la muerte súbita son fisiopatologías cardiacas inseparables. La influencia de la distribución de células del medio miocardio en la formación de arritmias en la pared heterogénea cardiaca en presencia de isquemia sub-epicárdica, no está del todo dilucidada. En este estudio se modela una porción plana de la pared transmural con diferentes configuraciones de células del medio miocardio que se adjuntan a las heterogeneidades bioquímicas presentes en isquemia sub-epicárdica para cuantificar su influencia en la formación de arritmias. Se obtuvieron reentradas lobulares no sostenidas en torno de la lesión isquémica que interfieren con las células M, alterando la repolarización del tejido. La función de vulnerabilidad que cuantifica la prospección a reentradas es aproximada por una función logística, y su mayor expresión ocurre en el minuto 8,75 de isquemia modelada. La heterogeneidad bioquímica y morfológica en el tejido virtual estudiado dan como resultado una arritmia por reentrada; su secuela en la vulnerabilidad del tejido aumenta a medida que crece la severidad de la hiperkalemia. Los electrogramas obtenidos muestran depresión TQ y elevación ST con una morfología de taquicardia ventricular polimórfica.Ventricular fibrillation, myocardial ischemia and sudden cardiac death are inseparable cardiac pathophysiologies. The influence of the distribution of myocardial cells in the formation of arrhythmias in the heterogeneous cardiac wall in the presence of sub-epicardial ischemia is not entirely elucidated. This study models a flat portion of the transmural wall under different myocardial cell configurations attached to the biochemical heterogeneity present in sub-epicardial ischemia to quantify their influence on the development of arrhythmias. Lobular non-sustained reentries were obtained around the ischemic lesion that interfere with M cells, altering the tissue

    11. Tratamento da síndrome de roubo de fístula arteriovenosa pela técnica de revascularização distal e ligadura arterial: relato de três casos Treatment of hemodialysis access steal syndrome by distal revascularization arterial ligature: report of three cases

      Directory of Open Access Journals (Sweden)

      Afonso César Polimanti

      2012-06-01

      Full Text Available Fístulas arteriovenosas para hemodiálise podem apresentar complicações a longo prazo. Entre as complicações mais raras, há a isquemia distal por síndrome de roubo. Os autores relataram a experiência de três casos de pacientes portadores de fístulas braquiocefálicas, em funcionamento por longo prazo e que evoluíram com isquemia crítica do membro, sem resposta com tratamento clínico. Com o intuito de tratar esta afecção e preservar o acesso vascular, optou-se pela realização da revascularização distal interposta por ligadura arterial. Devido à raridade dos casos, relatou-se a experiência e apresentou-se uma revisão de literatura.Arteriovenous fistulas for hemodialysis may present long-term complications. Among the least frequent complications, there is the steal syndrome. The authors report the experience of three patients that presented with critical limb ischemia years after the access confection of brachiocephalic arteriovenous fistulas, with little response to clinical treatment. Distal revascularization interval ligation was performed in all cases, with good outcome. Due to small quantity of the cases, we decided to report the experience and review the literature on the subject.

    12. Cerebral visual impairment in children.

      Science.gov (United States)

      Dutton, G N; Jacobson, L K

      2001-12-01

      Much of the brain is devoted to vision. Damage causes visual problems ranging from profound impairment, to cognitive visual problems only. A child with cerebral blindness may have intact perception of movement. The principal cognitive visual pathways comprise the dorsal and the ventral streams. The dorsal stream runs between the occipital lobes (which process incoming visual data), the posterior parietal lobes (which process the whole visual scene and give attention to component parts), the motor cortex (which facilitates movement through the visual scene) and the frontal cortex (which directs attention to chosen parts of the visual scene). The ventral stream runs between the occipital lobes and the temporal lobes (which enable recognition of people and objects, facilitate route finding and serve visual memory). Damage to these pathways disrupts these functions in a variety of combinations. This paper reviews cerebral visual impairment in children, the differential diagnosis and the management. Copyright 2002 Elsevier Science Ltd.

    13. <