WorldWideScience

Sample records for corporal em adolescentes

  1. Insatisfação corporal em adolescentes rurais e urbanos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2009-12-01

    Full Text Available O objectivo do estudo foi identificar a prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal em adolescentes domiciliados nas areas rurais e urbanas, e analisar a influencia das variaveis demograficas e antropometricas na insatisfacao com a imagem corporal. Participaram do estudo 629 adolescentes de 13 a 17 anos, de areas urbanas e rurais. Foram coletadas informacoes demograficas (sexo, idade, area de domicilio, antropometricas (massa corporal, estatura, espessura de dobras cutaneas e imagem corporal. O IMC (baixo peso: <18,5kg/m2; eutrofico: entre 18,5-25,0kg/m2; excesso de peso: >25kg/m2 e somatorio de espessura de duas dobras cutaneas . ƒ°2DC (baixo: <16mm; ideal: de 16-36mm; alto: >36mm para mocas; baixo: <12mm; ideal: de 12-25mm; alto: >25mm, para rapazes foram derivados subsequentemente. A prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi similar (p.0,05 entre os adolescentes rurais (64,2% e urbanos (62,8%. Enquanto os rapazes desejavam aumentar a silhueta corporal (41,3%, as mocas, desejavam reduzir (50,5% (p<0,001. Os adolescentes com baixo peso e excesso de peso, pelo IMC, e aqueles com o ƒ°2DC alto, respectivamente, apresentaram 3,14, 8,45 e 2,08 vezes mais probabilidades de insatisfacao com a imagem. Elevada prevalencia de insatisfacao com a imagem corporal foi observada em adolescentes da area rural e urbana. A inadequacao do estado nutricional e a adiposidade corporal aumentam as probabilidades de insatisfacao com a imagem corporal. Esses achados enfatizam a pressao social sobre o sexo feminino de almejar a magreza, e o masculino de ressaltar o sobrepeso desejando um porte atletico.

  2. A autoestima afeta a insatisfação corporal em adolescentes do sexo feminino?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar a influência da autoestima na insatisfação corporal de adolescentes do sexo feminino. Métodos: Participaram 397 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Utilizou-se o Body Shape Questionnaire (BSQ para avaliar a insatisfação corporal. A Escala de Autoestima de Rosemberg foi utilizada para avaliar a autoestima. Foram mensurados peso corporal, estatura e dobras cutâneas. Esses dados antropométricos foram controlados nas análises estatísticas. Resultados: O modelo de regressão múltipla indicou influência das subescalas "autoestima positiva" (R2=0,16; p=0,001 e "autoestima negativa" (R2=0,23; p=0,001 nos escores do BSQ. A análise univariada de covariância demonstrou diferenças nos escores do BSQ (p=0,001 em razão dos grupos de autoestima. Conclusão: Concluiu-se que a autoestima influenciou a insatisfação corporal em meninas adolescentes de Juiz de Fora/MG.

  3. Imagem corporal e transtornos alimentares em atletas adolescentes: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre os temas "Imagem corporal" e "Transtornos alimentares na população de atletas adolescentes". Foram realizadas buscas eletrônicas nas seguintes bases de dados: "Web of Science", "SciELO", "Scopus", "Pubmed", "Medline", e "Lilacs". Como descritores, utilizaram-se os termos "body image" e "eating disorders", indexados no sistema de Descritores em Ciência da Saúde (DeCs/MeSH, e também os termos associados "body dissatisfaction", "athletes", "adolescence" e "teenager". O período compreendido pelas buscas foi de 2002 a 2012. Os resultados evidenciaram a existência de centenas de investigações sobre os temas na população adolescente, mas foram escolhidas somente as pesquisas no contexto esportivo. Os achados demonstraram algumas controvérsias. De qualquer forma, acredita-se que exista associação entre imagem corporal e transtornos alimentares em atletas, porém é necessário desenvolver pesquisas neste campo para responder a tais dúvidas, por isso são incentivadas pesquisas com estas variáveis.

  4. Fatores sociodemográficos e comportamentais associados à adiposidade corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Bozza

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar fatores sociodemográficos e comportamentais associados à obesidade abdominal (OA e ao percentual de gordura corporal elevado (%GC elevado em adolescentes de Curitiba-PR. Métodos: A amostra probabilística foi composta por 1.732 adolescentes, de 11 a 19 anos, de ambos os sexos, da rede pública de ensino. Foram coletadas as medidas de dobras cutâneas tricipital e panturrilha para o cálculo do %GC, além da medida da circunferência da cintura. Um questionário foi preenchido pelos adolescentes para avaliação das seguintes variáveis: sexo, idade, tipo de residência, nível socioeconômico, tempo gasto assistindo à TV durante a semana e o fim de semana, além do gasto energético diário. A regressão logística foi utilizada como medida de associação dos fatores sociodemográficos e comportamentais com a obesidade abdominal e o percentual de gordura corporal elevado. Resultados: As meninas apresentaram maior chance de ter o %GC elevado (OR: 2,73; IC95%: 2,32-3,33. Em contrapartida, têm menor chance de ter obesidade abdominal (OR: 0,58; IC95%: 0,44-0,78. Indivíduos mais velhos (16-19 anos apresentaram maior chance de ter o %GC elevado (OR: 1,36; IC95%: 1,02-1,83. Em contrapartida, as faixas etárias mais elevadas (13-15 anos e 16-19 anos tiveram uma associação inversa com a obesidade abdominal. Em relação ao gasto energético diário, os indivíduos menos ativos apresentaram maior chance de ter %GC elevado (OR: 1,36; IC95%: 1,07-1,71 e obesidade abdominal (OR: 1,40; IC95%: 1,09-1,80. Conclusões: Intervenções relacionadas ao aumento nos níveis de atividade física na população jovem devem ser elaboradas para o combate do excesso de adiposidade corporal.

  5. A autoestima afeta a insatisfação corporal em adolescentes do sexo feminino?

    OpenAIRE

    Leonardo de Sousa Fortes; Flávia Marcele Cipriani; Fernanda Dias Coelho; Santiago Tavares Paes; Maria Elisa Caputo Ferreira

    2014-01-01

    Objetivo: O objetivo do estudo foi avaliar a influência da autoestima na insatisfação corporal de adolescentes do sexo feminino. Métodos: Participaram 397 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos. Utilizou-se o Body Shape Questionnaire (BSQ) para avaliar a insatisfação corporal. A Escala de Autoestima de Rosemberg foi utilizada para avaliar a autoestima. Foram mensurados peso corporal, estatura e dobras cutâneas. Esses dados antropométricos foram controlados nas análises estatísticas. ...

  6. Estudo da imagem corporal, do estresse e das preferências alimentares em adolescentes e seus cuidadores

    OpenAIRE

    Camila Azenha Alves de Rezende

    2012-01-01

    A obesidade infantil é influenciada por aspectos ligados à família, orientações alimentares e nutricionais, prática de exercícios físicos, mídia entre outros. Diante deste contexto, o presente estudo teve por objetivo avaliar o estresse, as preferências alimentares e a imagem corporal de adolescentes na faixa etária de 10 a 13 anos e de seus cuidadores. Foram selecionados, por nutricionista, trinta adolescentes em acompanhamento médico e nutricional no Ambulatório de Obesidade Infantil e Adol...

  7. Insatisfação corporal e transtornos mentais comuns em adolescentes Insatisfacción corporal y trastornos mentales comunes en adolescentes Body dissatisfaction and common mental disorders in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Azevedo Marques

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de insatisfação corporal em adolescentes e sua associação com fatores socioeconômicos, comportamentais, antropométricos e psicossociais, em especial a presença de transtornos mentais comuns. MÉTODOS: Foram estudados adolescentes de uma escola de Itajaí, nos quais foram realizadas medidas antropométricas para análise do índice de massa corpórea. Aplicou-se um questionário sobre dados pessoais e transtornos mentais comuns. O desfecho principal foi a presença da insatisfação corporal, sendo a análise ajustada dos fatores associados realizada por meio da regressão de Poisson. As razões de prevalência e seus respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95% foram calculados. RESULTADOS: Foram avaliados 214 adolescentes (77,5% com idade média de 12,4 anos e predomínio do sexo feminino (65,4%. A maioria dos adolescentes avaliados foi classificada como eutrófica (79,4% e 28,0% deles apresentaram escores indicativos de transtornos mentais comuns. A prevalência de insatisfação corporal foi de 74,3%, (IC95% 67,9-80,0. Dentre os fatores associados ao desfecho, destacaram-se: menor escolaridade materna, obesidade abdominal, percepção do estado nutricional como acima ou abaixo do peso, interferência da forma física em atividades diárias e relacionamentos. A presença de transtornos mentais comuns esteve associada, após análise ajustada, ao nível de 6,6% à insatisfação corporal. CONCLUSÕES: A maioria dos adolescentes possuía índice de massa corporal e circunferência da cintura dentro da normalidade; entretanto, grande parte relatou insatisfação com a imagem corporal, em ambos os sexos. Variáveis maternas e comportamentos relacionados ao peso corporal estiveram associados ao desfecho. Para transtornos mentais comuns, a associação foi próxima ao limiar de significância adotado.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de insatisfacción corporal en adolescentes y su asociación con

  8. Frequência de comportamentos alimentares inadequados e sua relação com a insatisfação corporal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Araújo Bertulino da Silva

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a relação entre a frequência de insatisfação com a imagem corporal e a presença de sintomas de transtornos alimentares em adolescentes. MÉTODOS: O estudo foi realizado com uma amostra de 300 adolescentes, de ambos os sexos, na faixa etária de 10 a 17 anos, estudantes de uma escola pública estadual da cidade do Recife, Brasil. Foram utilizadas as versões brasileiras para adolescentes de três escalas autoaplicativas (EAT-26, BITE e BSQ, além de um questionário contendo dados biodemográficos. RESULTADOS: A frequência de sintomas de transtornos alimentares detectada pelo EAT-26 foi de 32,3%; 2,3% para comportamentos sugestivos de bulimia nervosa, por meio da escala BITE, tendo 36,67% dos alunos apresentado padrão alimentar não usual; 5,6% apresentaram insatisfação com a imagem corporal; 8,6% demonstraram tendência à preocupação com a insatisfação com a imagem corporal e 17,6% apresentaram leve insatisfação, além de 66,3%, que mostraram normalidade em relação à sua forma corporal. CONCLUSÃO: Os adolescentes apresentaram níveis de alteração na autoimagem corporal, com alta frequência de insatisfação da imagem corporal, podendo apresentar associação com comportamentos alimentares inadequados.

  9. Adiposidade corporal e hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos - doi:10.5020/18061230.2009.p88

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Saraiva Ferreira

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar a relação entre a hipertensão arterial e adiposidade corporal em crianças e adolescentes obesos. Métodos: Estudo transversal no qual 129 crianças e adolescentes obesos de ambos os gêneros com idade variando de 7 a 14 anos foram avaliados. A adiposidade foi caracterizada a partir dos dados obtidos como: índice de massa corporal (IMC, percentual de gordura corporal (%GC e relação cintura-quadril (RCQ. O grupo foi dividido em dois subgrupos (normotensos e hipertensos mediante o nível de pressão arterial (PA. O teste estatístico de Kruskal Wallis foi empregado para determinar a significância na relação entre dados antropométricos e níveis de pressão arterial. Adotou-se um valor de p ? 0,05. Resultados: Verificou-se que 101 (78,29% participantes eram normotensos e 28 (21,71% hipertensos. Em relação à adiposidade, o grupo dos hipertensos apresentou níveis mais elevados de IMC e o %GC quando comparado com o normotenso (p<0,05. A partir dos dados da RCQ, não houve associação estatística entre a relação cintura-quadril e o nível pressórico. Conclusões: As crianças e adolescentes obesos apresentaram relação estatisticamente significativa entre adiposidade corporal e níveis de pressão arterial; no entanto, a localização da gordura não foi um fator determinante desta diferença.

  10. Equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos

    OpenAIRE

    Marta Cristina Rodrigues da Silva; Sara Teresinha Corazza; Juliana Izabel Katzer; Carlos Bolli Mota; Juliana Côrrea Soares

    2013-01-01

    O objetivo foi analisar e comparar o equilíbrio corporal em crianças e adolescentes asmáticos e não asmáticos. Fizeram parte do grupo de estudos 24 sujeitos com idades de 7 a 14 anos divididos em dois grupos: grupo asmático e grupo controle. Para avaliação do equilíbrio corporal utilizou-se uma plataforma de força. Foram utilizadas as condições, olhos abertos e fechados com três tentativas aleatórias, com duração de 30 segundos cada uma. Os resultados apontaram diferença significativa entre o...

  11. Insatisfação corporal e atividade física em adolescentes da região continental de Florianópolis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Adami

    Full Text Available A relação entre atividade física e insatisfação corporal é pouco explorada na literatura. Foi examinada a insatisfação corporal em relação com o nível de atividade física em estudantes adolescentes de escolas públicas de Florianópolis. A amostra foi de 242 estudantes, 109 meninos (14,6±2,8 anos e 133 meninas (14,3±3 anos. Os instrumentos utilizados foram: questionário de atividades físicas habituais e escala de percepção de silhueta corporal. Quarenta e três por cento dos meninos e 29,4% das meninas são pouco ativos. Sessenta e nove por cento dos meninos e 76,7% das meninas estão insatisfeitos com sua silhueta corporal. Os meninos demonstram uma tendência em aumentar e diminuir sua silhueta, enquanto as meninas demonstram querer diminuir. Não foi encontrada relação entre satisfação com a silhueta corporal e nível de atividade física habitual. Investigar a relação entre atividade física e insatisfação corporal pode auxiliar em pesquisas futuras que verifiquem intervenções terapêuticas com atividade física no tratamento da insatisfação corporal.

  12. Avaliação da postura corporal em crianças e adolescentes respiradores orais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Blau Margosian Conti

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação do tipo respiratório oral (RO e nasal (RN e da classificação da postura corporal em variáveis clínicas de crianças e adolescentes com a síndrome do respirador oral, em relação a um grupo-controle de mesma faixa etária. MÉTODOS: Estudo analítico do tipo observacional e transversal, com grupo-controle, realizado em hospital universitário. Foram incluídas crianças maiores de 5 anos, distribuídas em dois grupos: controle saudável (RN e grupo RO. O grupo RO incluiu pacientes com diagnóstico de síndrome do respirador oral confirmado por exame clínico médico e nasofibroscopia. Participaram do grupo-controle voluntários saudáveis da mesma faixa etária, cujo tipo RN foi confirmado por avaliação médica. Todos os participantes foram submetidos à avaliação postural. Para análise dos dados, foram utilizados os testes: não paramétrico de Mann-Whitney, qui-quadrado e exato de Fisher, considerando-se nível de significância de 0,05%. RESULTADOS: Foram incluídos 306 RO e 124 RN. O tipo RO conferiu maior prevalência no gênero masculino (p = 0,0002, maior grau e frequência de obstrução nasal e tamanho das amígdalas (p = 0,0001 em comparação ao RN. Também apresentou maior incidência de rinite alérgica (p = 0,0001, padrão respiratório torácico (p = 0,0001, palato ogival (p = 0,0001 e classificação postural desfavorável (p = 0,0001 em relação ao grupo-controle. Os índices de classificação postural foram diretamente proporcionais à obstrução nasal (p = 0,0001 e ao gênero masculino (p = 0,0008. CONCLUSÕES: Alterações posturais foram significativamente mais frequentes nas crianças do grupo com síndrome do respirador oral, o que reforça a necessidade de precocidade no tratamento interdisciplinar dessa síndrome.

  13. Estado nutricional e distribuição de gordura corporal em crianças e adolescentes com Fibrose Cística

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Regina Moutinho de Miranda Chaves

    2015-11-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é avaliar o estado nutricional e a distribuição da gordura corporal em crianças e adolescentes com fibrose cística. Foram realizadas avaliação da distribuição de gordura corporal por meio da absorciometria de duplo feixe de energia, do estado nutricional por estatura/idade e índice de massa corporal/idade e a ingestão dietética pelo recordatório alimentar de 24horas, em 56 pacientes com idade entre 8 e 18 anos. Aproximadamente 50% da amostra apresentou estado nutricional adequado. A maioria apresentou a ingestão calórica e de lipídios inadequadas. O IMC/I foi o indicador nutricional que melhor evidenciou o aumento do percentual de gordura do tronco, razão androide/ginecoide e razão gordura tronco/gordura total. Os pacientes com Insuficiência Pancreática e os eutróficos apresentaram razão mediana androide/ginecoide maior. O aumento da adiposidade abdominal foi evidenciado pela DXA. O IMC/I não identificou a diminuição da massa magra corporal, mas quando aumentado foi significativo para adiposidade abdominal. Pacientes com fibrose cística devem associar a avaliação antropométrica à composição corporal e à distribuição de gordura corporal para um diagnóstico mais precoce de desnutrição e fatores de risco cardiometabólico.

  14. Insatisfação com a imagem corporal em adolescentes do sexo feminino de uma cidade de pequeno porte: prevalência e correlações

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cilene Rebolho Martins

    2015-08-01

    Full Text Available Este estudo buscou identificar a prevalência e os fatores associados à insatisfação com a imagem corporal em adolescentes de uma cidade de pequeno porte. Participaram da pesquisa 144 estudantes do sexo feminino (nove a 20 anos da cidade de São Bonifácio/SC. Foram obtidos dados referentes às variáveis idade, zona de domicílio, renda familiar mensal e tempo de TV durante a semana e no final de semana. Utilizou-se o BSQ e o EAT-26 para a avaliação da imagem corporal e do risco para transtornos alimentares. O percentual de gordura foi obtido por meio de medidas de dobras cutâneas. A avaliação da maturação sexual foi realizada por meio dos estágios de desenvolvimento de pelos pubianos e mamas e ocorrência da menarca. Aplicou-se a análise de regressão logística (p < 0.05. A prevalência de insatisfação com a imagem corporal foi de 26.4%. As adolescentes com risco de transtornos alimentares apresentaram 7,15 vezes mais chance (RC = 7.15; IC95% = 2.67-19.17; p = 0,0001 de estarem insatisfeitas. Destaca-se a importância do planejamento e implementação de estratégias nas escolas que visem promover uma maior satisfação corporal na adolescência feminina a fim de prevenir transtornos alimentares nesta população.

  15. Excesso de peso e insatisfação corporal em adolescentes Obesity and body dissatisfaction amongst adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Conti

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre excesso de peso e insatisfação corporal de adolescentes de uma instituição da rede particular de ensino fundamental de Santo André, SP. MÉTODOS: Para avaliação do excesso de peso, utilizou-se o índice de massa corporal por idade e sexo, e para a avaliação da insatisfação corporal, aplicou-se a escala de satisfação das áreas corporais. RESULTADOS: Participaram do estudo 147 adolescentes, sendo 35,40% do sexo masculino e 64,60% do sexo feminino. Verificou-se que 44,23% dos meninos e 18,93% das meninas apresentaram excesso de peso; 1,92% dos meninos e 3,16% das meninas, magreza, e os demais (53,85% dos meninos e 58,98% das meninas apresentaram estado nutricional normal. Constatou-se associação estatisticamente significante entre excesso de peso e insatisfação para as áreas do estômago, cintura e peso corporal nos meninos e para as áreas do cabelo, nádegas, quadril, coxas, pernas, estômago, ombros/costas, tônus muscular, peso e aparência geral para as meninas. CONCLUSÃO: Meninas com excesso de peso apresentaram-se mais insatisfeitas com diversas áreas corporais, mas isso não ocorre com os meninos. É recomendável que instituições de ensino médio e fundamental desenvolvam atividades profiláticas voltadas para a conscientização da percepção pessoal e social do adolescente, assim como das pressões a que ele está compelido.OBJECTIVE: This study aimed at evaluating the relationship between overweight/obesity and body dissatisfaction among adolescents in a private school in Santo André, São Paulo, Brazil. METHODS: For the assessment of overweight/obesity, the body mass index for age and gender was used and for the body dissatisfaction evaluation, the body parts satisfaction scale was applied. RESULTS: One hundred and forty-seven adolescents were studied (35.40% males and 64.60% females. It was shown that 44.23% of the males and 18.93% of the females were overweight

  16. Auto-imagem corporal de adolescentes atendidos em um programa multidisciplinar de assistência ao adolescente obeso Adolescent's self-image in a muldisciplinary program assisting obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças C. Ferriani

    2005-03-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo conhecer a percepção de adolescentes obesos em relação ao seu corpo quando dispostos diante de um espelho e a sua influência na sua vida social. Foi utilizada a abordagem qualitativa; os dados foram coletados através de entrevistas semi-estruturadas. A coleta de dados ocorreu com 14 adolescentes obesos de ambos os sexos, na faixa etária entre 10 a 13 anos, e que participaram do "Programa Multidisciplinar de Assistência ao Adolescente Obeso" no ano de 2002. A análise dos dados constituiu-se em descobrir os núcleos temáticos contidos nas falas dos adolescentes, identificando-se dois núcleos: "A relação entre o corpo obeso e o espelho"; "As influências na vida social". Concluiu-se que os adolescentes obesos apresentaram sentimentos conflituosos com relação ao seu corpo, manifestando o receio explícito de se olharem no espelho, devido à insatisfação corporal e a rejeição do próprio corpo. Além disso, vivenciaram experiências estigmatizantes que são refletidas de modo negativo nas suas relações sociais.This study had the objective of acquiring knowledge of obese adolescents'perception related to their bodies when placed before a mirror and the impact of such perception in their social life. We used a qualitative approach; data were collected through semi-structured interviews. Data collection was focused on 14 obese adolescents aged between 10 and 13 years old who participated of the "Multidisciplinary Assistance Program for Obese Adolescents" in the year of 2002. Data analysis consisted in disclosing adolescents statements, with two nuclei being identified: "The relationship between the obese body and the mirror", "The influence in social life". We concluded that obese adolescents had conflicting feelings related to their bodies with an unmistakable fear of looking at themselves on the mirror due to body dissatisfaction and rejection; in addition they experienced stigmatizing facts

  17. Motivos e prevalência de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes Reasons and prevalence of body image dissatisfaction in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar os motivos e a prevalência de insatisfação com a imagem corporal (IC em adolescentes. Métodos: Participaram do estudo 641 adolescentes de 11 a 17 anos. A imagem corporal foi autoavaliada através da escala de nove silhuetas corporais. Resultados: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 60,4% (masculino = 54,5%, feminino = 65,7%; p OBJECTIVE: To investigate the prevalence of body image (BI dissatisfaction in adolescents. The study enrolled 641 adolescents aged 11 to 17 from the town of Saudades, Santa Catarina, Brazil. The prevalence of BI dissatisfaction was 60.4% (males = 54.5%, females = 65.7%; p < 0.05. Boys were more likely to wish to increase the size of their body silhouette (26.4% while girls wished to reduce theirs (52.4%. Adolescents from urban areas manifested greater prevalence of BI dissatisfaction and were more likely to want to reduce their body silhouette. The reasons given by these adolescents for why they were dissatisfied with their body images were similar for both sexes (p = 0.156. When analyzed by neighborhood the urban adolescents said that their dissatisfaction was esthetic, whereas the rural adolescents said it was based on self-esteem. An association was detected between perceived BI and the reasons for dissatisfaction. Conclusions: Esthetics, self-esteem and health were the most common reasons for BI dissatisfaction among these adolescents. More than half of them were dissatisfied with their body silhouettes. Therefore, there is a need for interventions by health services and professionals in this age range in order to avoid possible future problems with eating disorders (anorexia, bulimia and vigorexia.

  18. Nutrição e excesso de massa corporal: fatores de risco cardiovascular em adolescentes Nutrition and excess body mass: cardiovascular risk factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Viégas Rêgo

    2006-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a freqüência de hipertensão arterial, sedentarismo e consumo alimentar inadequado em adolescentes com excesso de massa corporal. MÉTODOS: Estudo transversal com 56 adolescentes, sendo 21 meninos e 35 meninas, entre 10 e 19 anos. As variáveis foram: sexo, idade, peso, estatura, índice de massa corporal, classificação nutricional, hipertensão arterial, atividade física e consumo alimentar de risco cardiovascular. Avaliou-se o consumo alimentar com questionário que estabelece consumo de risco cardiovascular entre adolescentes por categorias de consumo, segundo pontuações por quantidades e freqüência consumida. Do questionário originaram-se as variáveis categorias de consumo e pontuações. Aplicou-se correlação de Spearman entre índice de massa corporal, idade e pontuação de consumo. Por teste "t" de Student compararam-se entre os sexos as médias de índice de massa corporal, idade, massa corporal, estatura e pontuação de consumo, e por qui-quadrado as freqüências por presença e ausência de hipertensão arterial, prática de atividade física e categorias de consumo. Com teste Kruskal-Wallis, analisou-se a variância da pontuação de consumo entre grupos. RESULTADOS: Não houve diferenças estatísticas entre os sexos para atividade física (p=0,68, hipertensão arterial (p=0,94, excesso de massa corporal (p=0,31 e categorias de consumo (p=0,53. O índice de massa corporal não se correlacionou com a idade (r=0,20 e p=0,14 e a pontuação de consumo (r=-0,06 e p=0,60. Não houve diferença estatística (p=0,19 na pontuação do consumo por grupos. CONCLUSÃO: Os adolescentes não apresentaram distinções por sexo quanto à prevalência de hipertensão arterial, sedentarismo e consumo alimentar de risco cardiovascular, embora as meninas apresentassem maior freqüência desses fatores quando agrupados.OBJECTIVE: To assess the frequency of arterial hypertension, inactivity and inadequate food intake

  19. Sensibilidade e especificidade de critérios de classificação do índice de massa corporal em adolescentes Sensibilidad y especificidad de criterios de clasificación del índice de masa corporal en adolescentes Sensitivity and specificity of criteria for classifying body mass index in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Cazuza de Farias Júnior

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de excesso de peso em adolescentes conforme critérios de classificação do índice de massa corporal (IMC e respectivas sensibilidade e especificidade. MÉTODOS: Foram realizadas medidas de peso, estatura e dobras cutâneas, subescapular e triciptal, em 934 adolescentes (masculino= 462 e feminino= 472 de 14 a 18 anos de idade (média= 16,2; dp= 1,0 da cidade de Florianópolis (SC, em 2001. O percentual de gordura estimado a partir das dobras cutâneas (e"25% no masculino e e"30% no feminino foi utilizado como critério padrão-ouro para determinar a sensibilidade e especificidade dos critérios de classificação do IMC em adolescentes. RESULTADOS: A aplicação de diferentes pontos de corte de classificação do IMC, em geral, resultou em prevalências de excesso de peso similares (p>0,05. A sensibilidade dos critérios avaliados foi elevada nos adolescentes do sexo masculino (85,4% a 91,7% e baixa nas do sexo feminino (33,8% a 52,8%. A especificidade foi elevada em todos os critérios, para ambos os sexos (83,6% a 98,8%. CONCLUSÕES: As estimativas de prevalência de excesso de peso pelos critérios de classificação do IMC em adolescentes foram similares e apresentaram especificidade elevada para ambos os sexos, mas baixa sensibilidade nos adolescentes do sexo feminino.OBJETIVO: Estimar la prevalencia de exceso de peso en adolescentes conforme criterios de clasificación del índice de masa corporal (IMC y respectivas sensibilidad y especificidad. MÉTODOS: Fueron realizadas medidas de peso, estatura y pliegues cutáneos, subescapular y triciptal, en 934 adolescentes (masculino= 462 y femenino= 472 de 14 a 18 años de edad (promedio= 16,2; dp=1,0 de la ciudad de Florianópolis (Sur de Brasil, en 2001. El porcentaje de gordura estimado a partir de los pliegues cutáneos (?25% en el masculino y ?30% en el femenino fue utilizado como criterio estándar-oro para determinar la sensibilidad y especificidad de los

  20. Associação entre insatisfação com a imagem corporal e indicadores antropométricos em adolescentes Association between body image dissatisfaction and anthropometric indicators in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fátima Glaner

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo foi verificar a associação entre a insatisfação com a imagem corporal, o índice de massa corporal (IMC, a adiposidade corporal e a obesidade abdominal em adolescentes. Participaram 637 adolescentes (11-17 anos de ambos os sexos. Foram medidos massa corporal, estatura, perímetro do abdômen, dobras cutâneas do tríceps e perna medial e, coletadas informações referentes a imagem corporal. O IMC, a obesidade abdominal e a adiposidade corporal foram usados como referência em relação ao desfecho. A prevalência de insatisfação com a imagem corporal foi de 60% (rapazes = 54,3%, moças = 65,2%; p The aim of this study was to evaluate the association between body image dissatisfaction, body mass index (BMI, body adiposity and abdominal obesity in adolescents. A total of 637 adolescent boys and girls (11-17 years participated. Measures of body weight, height, waist circumference, triceps and medial calf skinfold thickness and, body image were collected. BMI, abdominal obesity and body adiposity were used as references in relation to the outcome. The prevalence of body image dissatisfaction was 60% (boys = 54.3%; girls = 65.2%, p < 0.05. Boys with a low BMI and abdominal obesity presented a 4.31 and 4.93 times higher probability of body image dissatisfaction, respectively. In girls, the probability of body dissatisfaction was 6.81 and 1.95 times higher among those with a high BMI and high body adiposity, respectively. Low BMI and abdominal obesity were associated with body image dissatisfaction in boys, whereas in girls an association was observed with high BMI and high body adiposity.

  1. Cyberbullying em adolescentes brasileiros

    OpenAIRE

    Wendt, Guilherme Welter

    2012-01-01

    O cyberbullying é entendido como uma forma de comportamento agressivo que ocorre através dos meios eletrônicos de interação (computadores, celulares, sites de relacionamento virtual), sendo realizado de maneira intencional por uma pessoa ou grupo contra alguém em situação desigual de poder e, ainda, com dificuldade em se defender. Os estudos disponíveis até o presente momento destacam que o cyberbullying é um fator de risco para o desenvolvimento de sintomas de ansiedade, depressão, ideação s...

  2. PERCEPÇÃO DA AUTO-IMAGEM E SATISFAÇÃO CORPORAL EM ADOLESCENTES: PERSPECTIVA DO CUIDADO INTEGRAL NA ENFERMAGEM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cecília Nogueira Valença

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudio tiene como objetivo reflexionar sobre la percepción de la autoimagen corporal en el contexto de la adolescencia y la inserción de la enfermería desde una perspectiva integral sobre esta temática. La revisión de la literatura comprobó que los adolescentes viven una etapa de transición, en la cual presentan una serie de transformaciones de tipo biológico, psíquico, emocional y social que se reflejarán en la edad adulta. En ese proceso de construcción de su identidad se insiere su percepción corporal, involucrando la satisfacción con su propia imagen y la insatisfacción con sus aparentes imperfecciones físicas. Se concluye que es importante que el enfermero actúe, igualmente, en la satisfacción de la propia imagen corporal del adolescente, al mismo tiempo que interviene en los demás aspectos relacionados a la salud del individuo, para tener de hecho su enfoque integral.

  3. Imagem corporal e suas relações com a atividade física e o estado nutricional em adolescentes = Relationship between body image, physical activity and nutritional status in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mota, Diana Cândida Lacerda

    2012-01-01

    Full Text Available O presente estudo avaliou a presença de inacurácia na estimação da imagem corporal e suas relações com a atividade física e o estado nutricional em adolescentes. Trezentos e setenta e cinco adolescentes (191 meninos e 184 meninas, responderam a Escala de Silhuetas e o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ, e tiveram seu peso e altura aferidos. Meninas apresentaram mais inacurácia quando comparadas aos meninos. Não houve efeito de atividade física, mas um efeito significativo de estado nutricional, com o grupo de indivíduos com baixo peso apresentando menores índices de inacurácia da estimação corporal quando comparado aos demais grupos. A inacurácia da estimação corporal não manteve relação com a prática de atividade física, mas foi diretamente relacionada ao estado nutricional

  4. Percepção da imagem corporal e nível socioeconômico em adolescentes: revisão sistemática Adolescent body image perceptions and socioeconomic status: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érico Felden Pereira

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Discutir as relações entre percepção da imagem corporal e fatores socioeconômicos como renda, grau de escolaridade e etnia em adolescentes. FONTES DE DADOS: Artigos selecionados nas bases PubMed e SciELO, sem limite de data de publicação, com amostras de adolescentes, nos idiomas inglês, espanhol, português ou francês, utilizando os descritores: "percepção da imagem corporal", "nível socioeconômico" e "adolescentes". SÍNTESE DOS DADOS: A influência do contexto socioeconômico na percepção da imagem corporal e satisfação/insatisfação com o corpo é tema relevante no entendimento da saúde dos adolescentes. Identificou-se que as relações entre imagem corporal e nível socioeconômico são complexas e os resultados dos estudos publicados não são conclusivos. As principais tendências observadas foram: jovens norte-americanos de classe baixa apresentaram maior chance de serem obesos ao contrário dos brasileiros; moças e rapazes apresentaram comportamentos diferenciados na percepção da imagem corporal, independentemente da etnia e do nível socioeconômico; moças brancas apresentaram maior insatisfação com a imagem corporal e maior busca por dietas do que moças negras, as quais parecem sofrer menos influência dos padrões de beleza em voga; jovens de menor nível socioeconômico apresentaram uma tendência a desejarem corpos maiores. CONCLUSÕES: Considerando-se amostras estrangeiras, houve uma tendência de maiores índices de insatisfação com o corpo em adolescentes de classe socioeconômica mais privilegiada. Em amostras brasileiras, análises sobre o assunto são escassas e pesquisas são necessárias, especialmente pelo fato de a população estar passando por modificações tanto econômicas como nutricionais.OBJECTIVE: To discuss the relationships between body image perceptions and socioeconomic factors such as income, level of education, and ethnicity among adolescents. DATA SOURCE: Articles were

  5. Percepção e satisfação corporal em adolescentes e a relação com seu estado nutricional Perception and satisfaction with body image in adolescents and correlations with nutrition status

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Maria Branco

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: A autopercepção e a satisfação com a imagem corporal são fatores preponderantes na auto-aceitação do adolescente e podem gerar atitudes inadequadas que prejudicam seu crescimento e desenvolvimento. OBJETIVO: Relacionar o estado nutricional com a percepção e a satisfação da imagem corporal que o adolescente tem de si próprio. MÉTODOS: A informação do índice de massa corporal (IMC foi obtida por dados antropométricos para classificar o estado nutricional. Utilizaram-se silhuetas padronizadas para avaliar a autopercepção da imagem corporal e um questionário de autopreenchimento para determinar a satisfação com a imagem corporal. RESULTADOS: A maior parte da população estava em eutrofia, porém, muitas meninas não se percebiam dessa forma. Embora a grande maioria dos adolescentes em eutrofia, sobrepeso e obesidade tivesse uma percepção adequada de sua imagem, as meninas apresentaram uma tendência para superestimar e os meninos para subestimar sua condição de sobrepeso e obesidade. A insatisfação com a imagem corporal foi mais prevalente entre os adolescentes em sobrepeso e obesidade, com destaque para as meninas. CONCLUSÃO: Meninos tendem a aceitar a sua imagem corporal, mesmo que dentro de um estado nutricional inadequado, enquanto as meninas parecem mais preocupadas com sua imagem corporal, e talvez essa preocupação as incentive a se manterem em eutrofia.BACKGROUND: The self-perception of and the satisfaction with their body image are determinant factors for the self-acceptance of the adolescents, and may generate inadequate attitudes that impair their growth and development. OBJECTIVE: To investigate the association between nutritional state in adolescents and the self-perception of the satisfaction with body image. METHODS: We obtained body mass index (BMI through anthropometric data in order to classify the nutritional state of the adolescents. We also used standardized silhouettes to evaluate their

  6. Avaliação da composição corporal em adolescentes obesos: o uso de dois diferentes métodos Evaluación de la composición corporal en adolescentes obesos: uso de dos metodos diferentes Body composition evaluation in obese adolescents: the use of two different methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Túlio de Mello

    2005-10-01

    Full Text Available A pletismografia é um método rápido e fácil para determinação da composição corporal que utiliza a relação inversa entre pressão e volume. O objetivo do presente estudo foi o de comparar os valores obtidos com o método pletismografia com os valores observados com o DEXA em uma população de adolescentes obesos. Participaram da amostra 88 adolescentes pós-púberes de ambos os sexos, com idades entre 15 e 19 anos (17,01 ± 1,6 ingressantes de um programa de atividade física multidisciplinar. Os voluntários foram submetidos a uma avaliação da composição corporal em dias distintos dentro da mesma semana, pelo método de pletismografia e outra avaliação pelo método DEXA. Quando os métodos foram comparados, não se observaram diferenças significativas entre eles; além disso, foram observadas correlações significativas entre os parâmetros comuns dos dois métodos (massa magra, massa gorda (kg e massa gorda (%, r = 0,88 p La pletismografía es un método rápido y fácil para la determinación de la composición corporal que utiliza la relación inversa entre la presión y el volumen. El objetivo del presente estudio fué el de comparar los valores obtenidos con el metodo pletismografia con los valores observados con el DEXA en una población de adolescentes obesos. Participaron de la muestra 80 adolescentes post púberes de ambos sexos, con edades entre los 15 y los 19 años (17,01±1,6 iniciantes en un programa de actividad física multidisciplinar. Los voluntarios fueron sometidos a una evaluación de la composición corporal en días distintos dentro de la misma semana, por el método de pletismografia y otra evaluación por el método DEXA. Cuando se compararon los métodos, no fueron observadas diferencias significativas entre ellos, además de ello, fueron observadas correlaciones entre los parámetros comunes a los dos métodos (masa magra, masa grasa (kg y masa gorda (%, r = 0,88 p Plethysmography is an easy and

  7. Insatisfação com o peso corporal e fatores associados em adolescentes Body weight dissatisfaction and associated factors among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovâni Firpo Del Duca

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a ocorrência de insatisfação com peso corporal e os fatores associados em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal, representativo dos escolares de 15 a 19 anos de escolas públicas de Santa Catarina, no ano de 2002. O desfecho do estudo foi a satisfação com o peso corporal, avaliada pela pergunta: "Você está satisfeito(a com seu peso corporal?". As variáveis avaliadas foram: sexo, idade, renda familiar, local de residência, estado nutricional, tempo semanal assistindo televisão, tabagismo e autopercepção de saúde. Investigaram-se também os seguintes comportamentos alimentares: tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e realizar, no mínimo, três refeições/dia. Empregou-se regressão multinomial nas análises bruta e ajustada. RESULTADOS: Dentre os adolescentes avaliados (n=5.028, 16,7% (IC95%: 15,7-17,7 estavam insatisfeitos com seu peso e gostariam de aumentá-lo, e 36,2% (IC95%: 34,9-37,5 gostariam de diminui-lo. Tomar remédios para emagrecer, provocar vômitos após as refeições e não realizar, no mínimo, três refeições/dia foram mais frequentes entre aqueles que gostariam de reduzir o peso. Após análise ajustada, os fatores associados ao desejo de aumentar o peso foram: sexo masculino, idade >17 anos, residir na zona urbana, não ter excesso de peso e autopercepção de saúde negativa. Já os fatores associados ao desejo de diminuir o peso foram: sexo feminino, residir na zona urbana, ter excesso de peso e uma percepção negativa de saúde. CONCLUSÕES: Encontrou-se alta prevalência de insatisfação com o peso, sendo as variáveis sexo, estado nutricional e autopercepção de saúde os fatores mais fortemente associados a tal comportamento.OBJECTIVE: To assess the prevalence of body weight dissatisfaction among adolescents and the associated factors. METHODS: Population-based cross-sectional study covering a sample of students with ages from 15 to 19 years

  8. Gasto energético e consumo calórico em adolescentes do sexo masculino com diferentes níveis de adiposidade corporal Energy expenditure and caloric intake among male adolescents with different levels of body adiposy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego Augusto Santos Silva

    2013-03-01

    Full Text Available Foram comparados o gasto energético e consumo calórico de adolescentes com diferentes níveis de gordura corporal. Estudo transversal com 40 adolescentes de 14 a 16 anos do sexo masculino. Os adolescentes foram divididos em dois grupos, cada um com 20 sujeitos, de acordo com o %G: baixo (%G 20%. O gasto energético foi mensurado por acelerômetros triaxiais e recordatório de atividades diárias. O consumo calórico foi avaliado pelo registro de 24 horas. Os jovens com baixo %G tiveram menor consumo calórico ( = 2408,1 ± 557,9 kcal.dia-1 em comparação aos jovens com alto %G ( = 2931,7 ± 679,2 kcal.dia-1, pEnergy expenditure and caloric intake were compared among adolescents with different levels of adiposity. A cross-sectional study was carried with 40 adolescent boys aged 14 to 16 years. The adolescents were divided into two groups of 20 subjects each, according to % body fat (%BF: low ( 20%. Energy expenditure was measured using accelerometer and daily activity diary. The dietary pattern was evaluated based on 24-h recall. Caloric intake was lower in adolescents with low %F ( = 2408.1 ± 557.9 kcal.day-1 compared to those with high %F ( = 2931.7 ± 679.2 kcal.day-1, p<0.05. In addition, they presented greater relative energy expenditure than adolescents with high %F (p<0.05. High %F adolescents showed larger caloric intake than expenditure, while the opposite was observed among low %F males.

  9. Body mass index for predicting hyperglycemia and serum lipid changes in Brazilian adolescents Índice de masa corporal para predecir hiperglicemia y alteraciones lipídicas en adolescentes brasileros Índice de massa corporal para predizer hiperglicemia e alterações lipídicas em adolescentes brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina R Vieira

    2009-02-01

    : colesterol total elevado y HDL-C bajo. El IMC fue capaz de predecir valores elevados de triglicéridos en los niños, LDL-C en las niñas y colesterol total y presencia de tres o más alteraciones metabólicas en ambos sexos (área bajo la curva - 0,59 a 0,67, a pesar de que hubo baja sensibilidad (57% a 66% y especificidad (58% a 66%. Los mejores puntos de corte en la muestra estudiada (20,3 kg/m² a 21,0 kg/m² fueron inferiores a los propuestos por las otras referencias. CONCLUSIONES: A pesar de que los valores de IMC, menores a los de las referencias internacionales, hayan sido predictivos de algunas alteraciones metabólicas en adolescentes brasileros, el IMC no fue un buen índice para identificar estas anormalidades en la muestra estudiada.OBJETIVO: Determinar os melhores pontos de corte do índice de massa corporal (IMC para identificar alterações no perfil lipêmico e glicêmico em adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliados 577 adolescentes de 12 a 19 anos (210 meninos e 367 meninas em uma amostra probabilística de estudantes de escolas estaduais da cidade de Niterói (RJ, em 2003. Foi utilizada a curva Receiver Operating Characteristic para identificar o melhor ponto de corte, ajustado para idade, para predizer valores elevados de colesterol total sérico (>150mg/dL, LDL-C (>100mg/dL, triglicérides (>100mg/dL, glicose plasmática (>100mg/dL e baixos valores de HDL-C (50% foram: colesterol total elevado e HDL-C baixa. O IMC foi capaz de predizer valores elevados de triglicérides nos meninos, LDL-C nas meninas e colesterol total e presença de três ou mais alterações metabólicas em ambos os sexos (área sob a curva - 0,59 a 0,67, embora com baixa sensibilidade (57% a 66% e especificidade (58% a 66%. Os melhores pontos de corte na amostra estudada (20,3 kg/m² a 21,0 kg/m² foram inferiores aos propostos pelas outras referências. CONCLUSÕES: Embora valores de IMC menores do que os das referências internacionais tenham sido preditores de algumas altera

  10. Associação entre (in satisfação com a imagem corporal, estado nutricional e nível de coordenação motora em crianças e adolescentes de projetos esportivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Roberto Brasil

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: identificar o nível de (in satisfação corporal, estado nutricional e coordenação motora de crianças e adolescentes participantes de projetos esportivos e suas possíveis associações. Método: a amostra foi composta por 84 participantes de projetos esportivos com faixa etária entre nove a 16 anos, de ambos os sexos. A coordenação motora foi avaliada pelo teste KTK (Körperkoordinationstest Für Kinder, o estado nutricional através do índice de massa corporal (IMC e a imagem corporal pelas silhuetas. Para a análise estatística, foram utilizados média e desvio padrão, teste T, frequência absoluta e relativa e o teste qui-quadrado. Resultados: identificou-se que 21,4% apresentam sobrepeso; na classificação do desempenho da coordenação motora, 27,4% apresentam perturbações na coordenação e 13,1% insuficiência na coordenação; já em relação à imagem corporal, 63,1% apresentam insatisfação com sua silhueta. Considerações finais: a coordenação motora não esteve associada com o IMC; por outro lado, a insatisfação corporal apresentou relação com o estado nutricional, sendo que os escolares apresentam uma imagem corporal distorcida, uma vez que a maior parte daqueles que apresentam excesso de peso estão insatisfeitos com seu corpo pela magreza.

  11. Correlação entre variáveis de composição corporal e metabólica em adolescentes do sexo feminino Correlación entre variables de composición corporal y metabólica en adolescentes del sexo femenino Correlation between metabolic and body composition variables in female adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Rodrigues de Faria

    2009-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Análise das alterações metabólicas e de composição corporal em adolescentes. OBJETIVO: Estudar a correlação entre níveis séricos de lipídios, glicemia, insulina, homocisteína, HOMA-IR e pressão arterial, entre si e com variáveis corporais. MÉTODOS: Coletaram-se dados referentes a glicemia, colesterol total e frações (LDL, HDL e VLDL, triacilgliceróis, insulina, homocisteína e pressão arterial em 100 adolescentes de 14 a 17 anos de escolas públicas de Viçosa (MG que já haviam apresentado a menarca. A porcentagem de gordura corporal (%GC foi avaliada pela bioimpedância horizontal. RESULTADOS: Em relação ao estado nutricional, 83%, 11% e 6%, respectivamente, apresentaram eutrofia (EU, risco de sobrepeso/sobrepeso (RS/SP e baixo peso (BP (CDC/NCHS, 2000, e 61% apresentaram alta %GC. O colesterol total foi o que apresentou maior porcentagem de inadequação (57%, seguido do HDL (50%, LDL (47% e triacilgliceróis (22%. Observou-se inadequação em 11%, 9%, 5% e 4%, respectivamente, em relação à resistência a insulina, insulina, pressão arterial e glicemia. Para colesterol total, insulina, HOMA-IR e estado nutricional, RS/SP>BP (pEU>BP (pFUNDAMENTO: Análisis de las alteraciones metabólicas y de composición corporal en adolescentes. OBJETIVO: Estudiar la correlación entre niveles séricos de lípidos, glucemia, insulina, homocisteína, HOMA-IR y presión arterial, entre si y con variables corporales. MÉTODOS: Se recolectaron datos referentes a glucemia, colesterol total y fracciones (LDL, HDL y VLDL, triacilgliceroles, insulina, homocisteína y presión arterial en 100 adolescentes de 14 a 17 años de escuelas públicas de Viçosa (MG que ya habían presentado la menarca. El porcentaje de grasa corporal (%GC se evaluó por la bioimpedancia horizontal. RESULTADOS: Con relación al estado nutricional, el 83%, el 11% y el 6%, respectivamente, presentaron eutrofia (EU, riesgo de sobrepeso/sobrepeso (RS/SP y

  12. Relação entre aptidão cardiorrespiratória e indicadores de adiposidade corporal em adolescentes Relationship between cardiorespiratory fitness and indicators of body adiposity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enio Ricardo V. Ronque

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a relação entre aptidão cardiorrespiratória e indicadores de adiposidade corporal em adolescentes de ambos os sexos. MÉTODOS: 78 sujeitos (45 rapazes e 33 moças foram avaliados quanto à massa corporal, estatura e dobras cutâneas tricipital e subescapular. O índice de massa corpórea e a somatória das duas dobras cutâneas foram calculados. A aptidão cardiorrespiratória foi analisada pelo teste de vai-e-vem de 20 metros de vários estágios e a estimativa do consumo máximo de oxigênio foi analisada por uma equação específica. Para a comparação entre os grupos, foi empregado o teste de Mann-Whitney e, para verificar a relação entre a aptidão cardiorrespiratória e os indicadores de adiposidade corporal, utilizou-se o coeficiente de correlação de Spearman. RESULTADOS: Os adolescentes com alta aptidão cardiorrespiratória apresentaram sistematicamente valores mais baixos de gordura corporal em relação a seus pares com baixa aptidão cardiorrespiratória (pOBJECTIVE: To analyze the relationship between cardiorespiratory fitness and indicators of body adiposity in adolescents of both genders. METHODS: 78 subjects (45 boys and 33 girls were evaluated for body mass, height and triceps and subscapular skinfold thickness. Body mass index and the sum of the two skinfolds thickness were determined. The cardiorespiratory fitness was determined by the maximal multistage 20 meters shuttle run test, and the estimate of maximal oxygen uptake was evaluated by a specific equation. Groups were compared by Mann-Whitney test. The Spearman correlation index was applied to verify the relationship between cardiorespiratory fitness and the indicators of body adiposity. RESULTS: The adolescents with high cardiorespiratory fitness presented lower values of body fat than their peers with low cardiorespiratory fitness (p<0.05, with differences varying between 36 to 42% for boys and 14 to 33% for girls. Statistically significant

  13. Associações entre atividade física, índice de massa corporal e comportamentos sedentários em adolescentes Associations between physical activity, body mass index, and sedentary behaviors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Samara da Silva

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo determinar a associação do índice de massa corporal (IMC com os níveis de atividade física (AF e comportamentos sedentários (assistir TV, usar computador ou jogar videogames em adolescentes de escolas públicas do Estado de Santa Catarina (15-19 anos; n = 5.028. MÉTODOS: As informações foram coletadas por meio de questionário desenvolvido e validado para adolescentes. Foram considerados insuficientemente ativos, os jovens que não acumulavam pelo menos 300 minutos/semana de atividades físicas moderadas ou vigorosas. Considerou-se para o uso excessivo de TV e computador/games um tempo > 2 horas/dia; para excesso de peso corporal, utilizou-se a tabela internacional de IMC para adolescentes. RESULTADOS: O excesso de peso corporal foi mais prevalente entre os rapazes (12,7% vs 7,9%, pOBJECTIVE: The objective of this study was to analyze the associations of body mass index (BMI with physical activity, sedentary behaviors (TV, computer/videogames in a representative sample (n=5,028 of adolescents (15-19 years in the State of Santa Catarina, Brazil. METHODS: Data was collected using a validated health behavior questionnaire developed for adolescents. Excess body weight was determined according to the international BMI tables developed for adolescents. Students were classified as not being physically active if they reported having less than 300 minutes of moderate/vigorous physical activity (MVPA per week. Two or more hours a day was considered excess screen time (TV, computer, games. RESULTS: Excess body weight was more prevalent (p<0.001 among boys (12.7% than girls (7.9%, but inadequate physical activity was more prevalent (p<0.001 among girls (37% than boys (21%. Less active boys had a greater chance (74% of having excess body weight when compared to active ones. Among girls, those belonging to families with lower income (OR=1.85 and living in urban areas (OR=2.22 were at greater risk of having

  14. Prevalência e gravidade da asma em adolescentes e sua relação com índice de massa corporal Prevalence and severity of asthma among adolescents and their relationship with the body mass index

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vitor E. Cassol

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar a relação entre o aumento do índice de massa corporal e a prevalência e a gravidade da asma em escolares adolescentes residentes em Santa Maria e região (RS. MÉTODO: Estudo transversal de base populacional, do qual participaram 4.010 adolescentes (13 e 14 anos de idade, sem restrições de sexo, tendo preenchido de forma correta o questionário do International Study of Asthma and Allergies fase III (módulo asma. Utilizou-se o índice de massa corporal (kg/m² com os seguintes percentis (Organização Mundial de Saúde para definir o estado nutricional: abaixo do quinto (desnutrição, igual ou superior ao quinto e inferior ao 85° (normal, igual ou superior ao 85° e inferior ao 95° (sobrepeso, igual ou superior ao 95° (obesidade. Para verificar a associação entre índice de massa corporal e a prevalência e gravidade da asma, foi utilizado o teste do qui-quadrado para tendência linear, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: O aumento do índice de massa corporal mostrou associação positiva e significante com o da prevalência de "sibilos alguma vez" (p = 0,036 e a de "sibilos após exercício" (p = 0,008, independentemente do sexo. Quando estratificado por gênero, houve associação positiva apenas para "sibilos alguma vez" (p = 0,028 para meninos e "sibilos após exercício" (p = 0,03 para meninas. CONCLUSÃO: O aumento do índice de massa corporal associou-se com o aumento da prevalência de sibilos alguma vez na vida, mas não com o aumento da prevalência e gravidade da asma em adolescentes.OBJECTIVE: To investigate the relationship between the increase of body mass index and the prevalence and severity of asthma in adolescents from Santa Maria, in southern Brazil, and surrounding regions. METHOD: A cross-sectional, observational, population-based study was carried out with 4,010 schoolchildren aged 13 and 14 years, without any gender restrictions, who answered the written questionnaire of the

  15. Efeitos da entrevista motivacional em adolescentes infratores

    OpenAIRE

    Andretta,Ilana; Oliveira,Margareth da Silva

    2008-01-01

    A entrevista motivacional é uma intervenção breve, que visa estimular a mudança de comportamento. Foi aplicada, nesta pesquisa, em adolescentes usuários de drogas, identificando-se as modificações ocorridas após a mesma. A amostra foi constituída por 50 adolescentes usuários de drogas que cometeram ato infracional. Todos foram avaliados por meio de protocolo padrão, depois submetidos a cinco sessões de entrevista motivacional, e reavaliados posteriormente. Os resultados encontrados na reavali...

  16. Fatores associados ao sobrepeso em adolescentes

    OpenAIRE

    2008-01-01

    Esta dissertação de mestrado é apresentada sob a forma de um capítulo de revisão da literatura e um artigo original. O capítulo de revisão aborda o papel da atividade física, do sedentarismo dos adolescentes e do sobrepeso dos pais na ocorrência de sobrepeso e risco de sobrepeso em adolescentes. Estudos evidenciam a influência da inatividade física e do estilo de vida sedentário contribuindo para o sobrepeso, embora ainda haja resultados controversos. O artigo original teve o objetivo de dete...

  17. Fatores associados ao sobrepeso em adolescentes

    OpenAIRE

    Rodrigo da Silva Lippo, Bruno

    2008-01-01

    Esta dissertação de mestrado é apresentada sob a forma de um capítulo de revisão da literatura e um artigo original. O capítulo de revisão aborda o papel da atividade física, do sedentarismo dos adolescentes e do sobrepeso dos pais na ocorrência de sobrepeso e risco de sobrepeso em adolescentes. Estudos evidenciam a influência da inatividade física e do estilo de vida sedentário contribuindo para o sobrepeso, embora ainda haja resultados controversos. O artigo original teve o objetivo de dete...

  18. Imagem corporal em adolescentes: associação com a maturação sexual e sintomas de transtornos alimentares Body image among adolescents: association with sexual maturation and symptoms of eating disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Cristina Scherer

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO:Verificar a associação da imagem corporal (IC com a maturação sexual e com sintomas de transtornos alimentares (TA em adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliadas 325 adolescentes do sexo feminino (11 a 14 anos da cidade de Santa Maria, RS, Brasil. Utilizaram-se a escala de silhuetas corporais e o Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26. Foram coletadas informações sobre a menarca. RESULTADOS: A prevalência de insatisfação com a IC foi de 75,8%; 61,5% apresentaram o desejo de reduzir o peso corporal. A média de idade da menarca foi de 11,5 (desvio-padrão = 0,99 anos. Foi verificada associação significante entre IC e menarca (p OBJECTIVE: To evaluate the association of body image (BI with sexual maturation and symptoms of eating disorders among adolescents. METHODS: A total of 325 adolescent girls (11 to 14 years from Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brazil, were studied. A body silhouette scale and the Eating Attitude Test (EAT-26 were used. Information about menarche were recorded. RESULTS: The prevalence of BI dissatisfaction was 75.8%, with 61.5% of the girls wishing to reduce body weight. The mean age at menarche was 11.5 years (SD = 0.99. A significant association was observed between BI and menarche (p < 0.001, age at menarche (p < 0.001, and symptoms of eating disorders (p < 0.001. CONCLUSION: The presence of menarche and its occurrence at an early age causes adolescents show a greater desire to lose weight. In addition, girls wishing to be thinner are more likely to present symptoms of eating disorders.

  19. Internalização do ideal de magreza e insatisfação com a imagem corporal em meninas adolescentes = Internalization of thin ideal and body image dissatisfaction in female adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fortes, Leonardo de Sousa

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi analisar o impacto da internalização do ideal de magreza na insatisfação com a imagem corporal (IC em adolescentes do sexo feminino. A amostra foi constituída por 273 sujeitos com idade entre 11 e 15 anos. Utilizou-se o Body Shape Questionaire (BSQ para avaliar a IC. Utilizaram-se as subescalas “Internalização Geral” e “Internalização Atlética” do Sociocultural Attitudes Towards Appearance Questionnaire-3 (SATAQ-3 para avaliar a influência da mídia sobre a IC. Os resultados evidenciaram diferenças tanto na subescala internalização geral (p = 0,001 quanto na internalização atlética (p = 0,01 em função das classificações do BSQ. O modelo de regressão indicou influências estatisticamente significativas das subescalas do SATAQ-3 nos escores do BSQ (p = 0,001. Concluiu-se que a internalização do ideal de corpo sociocultural foi importante preditor da insatisfação com o peso e a aparência física em jovens meninas

  20. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (p<0,05. Os adolescentes com maior grau de obesidade apresentaram maiores frequências de alterações para glicemia, HOMA-IR, triglicérides, HDL e pressão arterial (p<0,05. O modelo logístico mostrou associações entre o grau de obesidade e as variáveis: HDL (OR=5,43, PA (OR=4,29, TG (OR=3,12. O escore de risco demonstrou que 57,7% dos adolescentes com maiores graus de obesidade tinham duas ou mais alterações metabólicas para 16,7% do outro grupo (p<0,001. CONCLUSÃO: O grau da obesidade influenciou no aparecimento de alterações que compõem a síndrome metabólica, aumentando o risco cardiovascular.

  1. Insatisfação com a imagem corporal e relação com estado nutricional, adiposidade corporal e sintomas de anorexia e bulimia em adolescentes Body image dissatisfaction and its relationship with nutritional status, body fat, and anorexia and bulimia symptoms in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cilene Rebolho Martins

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar a prevalência de insatisfação com a imagem corporal e de sintomas de anorexia e bulimia em adolescentes do sexo feminino da cidade de Santa Maria (RS e verificar a associação da insatisfação com a imagem corporal com estado nutricional, adiposidade corporal e sintomas de anorexia e bulimia. Método: Foram analisadas 258 adolescentes do sexo feminino (11 a 13 anos, estudantes de escolas públicas. Aplicou-se o Body Shape Questionnaire e o Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26. Foram calculados o índice de massa corporal e o percentual de gordura. Foram utilizados o teste qui-quadrado e a regressão logística. Resultados: A prevalência de insatisfação com a imagem corporal foi de 25,3% e a de sintomas de anorexia e bulimia foi de 27,6%. A insatisfação com a imagem corporal apresentou associação com o estado nutricional, sendo que as adolescentes com excesso de peso apresentaram maior insatisfação (razão de chances = 2,64; IC95%= 1,02-6,83. Conclusão: As prevalências de insatisfação corporal e sintomas de anorexia e bulimia foram elevadas. O estado nutricional parece ser o melhor preditor da insatisfação corporal.Objectives: To identify the prevalence of body image dissatisfaction and anorexia and bulimia symptoms in adolescent girls from the city of Santa Maria, Brazil, and to determine the association of body image dissatisfaction with nutritional status, body fat, and anorexia and bulimia symptoms. Method: We investigated 258 adolescent girls (11 to 13 years from public schools. The Body Shape Questionnaire and the Eating Attitudes Test (EAT-26 were used. Body mass index and percent body fat were calculated. The chi-square test and logistic regression were used. Results: The prevalence of body image dissatisfaction was 25.3% and the prevalence of anorexia and bulimia symptoms was 27.6%. Body image dissatisfaction was associated with nutritional status, with overweight girls presenting higher

  2. Avaliação do excesso de gordura corporal em adolescentes: utilização de diferentes indicadores antropométricos = Evaluation of excess body fat in adolescents: use of different anthropometric indicators

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Pinheiro Gordia

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o excesso de peso, de gordura e de adiposidade corporal em adolescentes de acordo com diferentes indicadores antropométricos, bem como, identificar diferenças na composição corporal entre sexos. Avaliou-se 139 adolescentes (10 a 17 anos do município da Lapa, Estado do Paraná. Foram coletadas informações da massa corporal, estatura, perímetro da cintura (PC e dobras cutâneas (DC triciptal e subescapular. Foram calculados o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. Utilizou-se o teste t para comparar os valores médios das variáveis antropométricas entre os sexos e o teste do Qui-quadrado para analisar diferenças de prevalências entre os sexos. Moças apresentaram médias superiores para a DC triciptal (p This study aimed to assess excess weight, fat and adiposity in adolescents according to different anthropometric indicators, as well to identify differences in body composition between the genders. We investigated 139 adolescents (10-17 years of age from Lapa, Paraná State. Information was collected on body mass, height, and waistcircumference (WC and tricipital and subscapular skinfolds. Body mass index (BMI and fat percentage (F% were calculated. We used the t test to compare mean values of anthropometric variables between the genders and the chi-square test to analyze differences in the prevalence between the genders. Girls had higher mean values for tricipital skinfold (p < 0.001 and F% (p < 0.001 compared to boys. Excess weight was observed in 24.5% of adolescents, and boys showed a higher prevalence than females (p = 0.032. More than a third of adolescents surveyed fit the condition of health risk for WC, with no differences between the genders (p = 0.124. Excess body fat was detected in 46.0% of adolescents; this outcome was more prevalent in females (p = 0.041. High central adiposity was more prevalent in males (p = 0.005. The findings of this study indicated that

  3. Efeito de doze semanas de exercício aeróbio sobre o índice de massa corporal e a imagem corporal de adolescentes

    OpenAIRE

    Trichês, Patrícia Barbosa Martins

    2013-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2013. A adolescência se caracteriza por ser uma fase de adaptações biológicas, psicológicas e sociais. O corpo do adolescente está em constante transformação: a massa corporal e a estatura aumentam e; consequentemente, a imagem corporal é redefinida neste período. Na adolescência a imagem corporal é influenciada por questões culturais, pelo padr...

  4. Transtornos alimentares em bailarinas clássicas adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara Freitas Monteiro

    2013-09-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar a prevalência de sintomas de transtornos alimentares (TAs em bailarinas clássicas adolescentes. Métodos: Estudo observacional, transversal e analítico, realizado em 2009, cujos sintomas de TAs foram investigados aplicando-se os testes Eating Attitudes Test (EAT-26 e Bulimic Investigatory Test, Edinburgh (BITE. A avaliação da imagem corporal da população estudada se deu pelo Body Shape Questionnaire (BSQ. Além disso, foi realizada avaliação antropométrica – aferição de peso, estatura e pregas cutâneas, cálculo do índice de massa corporal (IMC e percentual de gordura corporal. Resultados: Das 139 adolescentes avaliadas, os desvios nutricionais estavam presentes em 4,4% (n=6; e 23% (n=32 apresentaram percentual de gordura anormal. A análise do EAT concluiu que 12,3% (n=17 apresentaram resultados positivos para a anorexia nervosa (AN. Diante dos resultados do BITE, identificou-se que 13,7% (n=19 apresentam hábito alimentar não usual e 6,5% (n=9 refletem quadro subclínico de bulimia nervosa (BN. Com relação à gravidade, 3,6% (n=5 apresentaram resultado significativo clinicamente e 1,4% (n=2, de alta gravidade. Ao avaliar o BSQ, 15,7% (n=21 encontravam-se levemente preocupadas com a imagem corporal; 5,2% (n=7, moderadamente; e 6,7% (n=9, extremamente preocupadas. Conclusão: O estudo não diagnosticou a presença de TAs, mas verificou a existência de sintomas de anorexia e bulimia nervosa. Ele teve como principal intuito alertar sobre a prevalência do possível desenvolvimento de TAs diante das interferências do meio em que essas adolescentes convivem, sob o modelo definido pelo balé clássico e as perturbações comuns na fase da adolescência.

  5. Acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil

    OpenAIRE

    Dias,Marialda Höfling P.; Amaral,Elisabete; PAI, Hong Jin; Daniela Terumi Y. Tsai; LOTITO, Ana Paola N; Leone,Claudio; Silva, Clovis Artur

    2012-01-01

    OBJETIVO: Descrever a utilização da acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado em pacientes com fibromialgia juvenil (critérios do Colégio Americano de Reumatologia) submetidos a, pelo menos, 11 sessões semanais de acupuntura. As avaliações antes e após acupuntura incluíram dados demográficos, características da dor musculoesquelética, número de pontos dolorosos (NPD), escala visual analógica (EVA) de dor, algiometria e índice miálgico (IM). D...

  6. Efeito da atividade física programada sobre a composição corporal em escolares adolescentes Influence of programmed physical activity on body composition among adolescent students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson S. Farias

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o efeito da atividade física programada na escola sobre a composição corporal em escolares adolescentes durante 1 ano letivo. MÉTODOS: Amostra foi composta por 383 alunos, divididos em dois grupos: caso com 186 (96 meninos e 90 meninas e controle com 197 (108 meninos e 89 meninas, com idade entre 10 e 15 anos. Trata-se de estudo de intervenção com pré e pós-teste, no qual o grupo caso foi submetido a atividade física programada e o grupo-controle a aulas convencionais de educação física escolar. A composição corporal foi avaliada por medidas antropométricas e cálculos de índice de massa corporal, percentual de gordura e massas gorda e magra. RESULTADOS: O grupo caso apresentou estabilidade na prega cutânea subescapular, índice de massa corporal, percentual de gordura e na massa gorda; redução significativa na prega cutânea triciptal, perímetro do abdome nas meninas e aumento significativo dos perímetros do braço, cintura e panturrilha e da massa magra. No grupo-controle houve aumento do índice de massa corporal, prega cutânea triciptal, perímetro do abdome e da massa gorda nas meninas. O grupo caso apresentou diminuição significativa na proporção de sobrepesos e obesos no pós em relação ao pré-teste, o mesmo não ocorrendo no grupo-controle. CONCLUSÃO: A atividade física programada resultou em melhoria e manutenção nas variáveis da composição corporal e redução da frequência de sobrepeso e obesidade no grupo que sofreu intervenção.OBJECTIVE: To verify the influence of programmed physical activity on body composition among adolescent students during 1 school year. METHODS: The sample included 383 students (age range: 10 to 15years separated into two groups: 186 cases (96 male and 90 female and 197 controls (108 male and 89 female. This was an intervention study with pre- and post-test assessments in which interventions consisted of programmed physical activity; the control group

  7. Atitudes alimentares e imagem corporal em meninas adolescentes de ascendência nipônica e caucasiana em São Paulo (SP Eating attitudes and body image in ethnic Japanese and Caucasian adolescent girls in the city of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Míriam A. Sampei

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Há muita controvérsia nos estudos que analisam a relação entre etnia e transtornos alimentares a despeito do rápido aumento desses distúrbios em diversos grupos étnicos. O objetivo do presente estudo foi verificar as atitudes alimentares em adolescentes de ascendência nipônica e caucasiana no Brasil. A influência do índice de massa corporal (IMC, da menarca e das relações socioafetivas no desenvolvimento dos transtornos alimentares também foi discutida. MÉTODOS: Questionários sobre atitudes alimentares e influências socioafetivas foram aplicados a 544 adolescentes de origem nipo-brasileira e caucasiana: adolescentes pré-menarca de 10 e 11 anos nipo-brasileiras (n = 122 e caucasianas (n = 176 e adolescentes pós-menarca de 16 e 17 anos nipo-brasileiras (n = 71 e caucasianas (n = 175. RESULTADOS: Adolescentes caucasianas apresentaram maiores escores no Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26, mostraram maior insatisfação com suas imagens corporais, faziam mais dieta e tinham mais modelos de dietas representados pelas mães e pares do que as adolescentes nipo-brasileiras. CONCLUSÃO: As adolescentes caucasianas, de um modo geral, parecem sentir mais as pressões culturais e estéticas sobre a imagem corporal do que as nipônicas. A frequência alta de meninas caucasianas pré-menarca com escore acima de 20 no EAT-26 mostra que a preocupação com a imagem corporal vem ocorrendo cada vez mais cedo. A análise de regressão múltipla revelou muitas associações entre a interação das adolescentes com suas mães e o desenvolvimento de atitudes alimentares inadequadas.OBJECTIVE: Despite investigations into the rapid increase in eating disorders across diverse ethnic groups, conclusions concerning ethnicity and eating disorders are contradictory. The objective of the present study was to investigate eating attitudes in ethnic Japanese and Caucasian adolescents in Brazil. The influence of body mass index (BMI, menarche and

  8. Aptidão cardiorrespiratória em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Pelegrini

    2017-09-01

    Conclusão: Conclui‐se que a maioria dos adolescentes apresentam níveis inadequados de aptidão cardiorrespiratória, e a associação entre composição corporal e aptidão cardiorrespiratória inadequadas independe dos aspectos sociodemográficos dos adolescentes.

  9. Atividade física, horas de assistência à TV e composição corporal em crianças e adolescentes Physical inactivity, TV-watching hours and body composition in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Romero Rivera

    2010-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Sedentarismo é fator predisponente ao aparecimento/piora de outros fatores de risco cardiovascular, particularmente obesidade. OBJETIVO: Estabelecer nível de atividade física (NAF e número diário de horas de TV (HTV e a associação e/ou correlação destas variáveis com faixa etária, sexo, classe econômica, escola pública/privada, excesso de peso e obesidade, em crianças/adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal, base populacional escolar, ensino público e privado, fundamental e médio. Cálculo da amostra baseado na menor prevalência esperada de inúmeras variáveis, incluindo sedentarismo. Amostragem por conglomerados. Protocolo: Questionário estruturado, incluindo "Physical Activity Questionaire for Older Children" (PAQ-C; medidas de peso, altura, índice de massa corporal (IMC e prega cutânea do tríceps (PCT. Análise estatística: Qui-quadrado; correlação linear. RESULTADOS: Nos 1.253 estudantes, com média de idade de 12,4 ± 2,9 anos, sendo 547 do sexo masculino, observou-se uma prevalência de sedentarismo em 93,5%, mais frequente em adolescentes do sexo feminino; não houve associação entre NAF e excesso de peso ou gordura corporal; futebol e dança foram as atividades mais frequentes em meninos e meninas, respectivamente; 60% dos estudantes não têm aulas de Educação Física. Média e mediana de HTV foram, respectivamente, 3,6 e 3 horas; houve associação significante entre maior HTV e obesidade e correlação significante entre NAF e idade (negativa e entre IMC e PCT (positiva. CONCLUSÃO: O sedentarismo está presente em 93,5% das crianças e adolescentes de Maceió, sendo mais prevalente nos adolescentes e no sexo feminino, não havendo associação ou correlação desta variável com excesso de peso ou gordura corporal; obesidade associou-se a > 3 HTV.BACKGROUND: Physical inactivity is a predisposing factor to the onset/worsening of other cardiovascular risk factors, particularly obesity

  10. Preditores do Comportamento Antissocial em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lüdke Nardi

    Full Text Available RESUMO Este estudo investigou preditores do comportamento antissocial em 142 adolescentes em medida socioeducativa de internação (G1 e 691 estudantes de escolas públicas (G2, que responderam a um questionário. Foram observadas diferenças significativas entre os grupos quanto ao comportamento antissocial, violência intra e extrafamiliar, uso de drogas e eventos estressores, com médias mais altas em G1. Dentre as variáveis investigadas, grupo, uso de drogas e eventos estressores, juntamente com a covariável sexo, explicaram 66,5% da variável dependente. Um modelo de path analysis demonstrou que as variáveis sexo e ambiente estressor, computado pelos eventos estressores, qualidade do relacionamento familiar e violência intra e extrafamiliar predizem o uso de drogas e comportamentos antissociais.

  11. Mobilidade social, estilo de vida e indice de massa corporal de adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marisa Luzia Hackenhaar

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a associação entre mobilidade social, estilo de vida e índice de massa corporal de adolescentes. MÉTODOS Estudo de coorte com 1.716 adolescentes de dez a 17 anos de idade, de ambos os sexos. Os adolescentes eram participantes de um estudo de coorte e nasceram entre 1994 e 1999. Os adolescentes foram avaliados em escolas públicas e privadas entre 2009 e 2011. O estilo de vida foi avaliado por meio de entrevista e a antropometria foi utilizada para o cálculo do índice de massa corporal. Para a classificação econômica na infância e na adolescência foram utilizados critérios preconizados pela Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa. Mobilidade social ascendente foi considerada como aumento em pelo menos uma classe econômica no período de dez anos. Utilizou-se regressão de Poisson para estimar a associação entre a mobilidade social ascendente e os desfechos avaliados. RESULTADOS Dos adolescentes (71,4% de seguimento da coorte, 60,6% apresentaram mobilidade social ascendente. Destes, 93,6% pertenciam à classe econômica D e 99,9% à E. Maior prevalência de ascensão social foi observada para escolares de cor da pele preta (71,4% e parda (61,9%, matriculados na escola pública (64,3% e cujas mães apresentaram menor escolaridade na primeira avaliação (67,2% e na reavaliação (68,7%. A mobilidade social ascendente mostrou-se associada apenas aos comportamentos sedentários (p = 0,02 após ajuste para variáveis de confusão. A classe econômica na infância mostrou-se mais associada aos desfechos avaliados do que a mobilidade social ascendente. CONCLUSÕES A mobilidade social ascendente não mostrou associação com a maioria dos desfechos avaliados, possivelmente por ter sido discreta e porque o período considerado no estudo pode não ter sido suficiente para refletir mudanças substanciais no estilo de vida e no índice de massa corporal dos adolescentes.

  12. Pressão arterial: efeito do índice de massa corporal e da circunferência abdominal em adolescentes Blood pressure: effect of body mass index and of waist circumference on adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Cristina Britto Guimarães

    2008-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Aumento do índice de massa corporal (IMC e da circunferência abdominal (CA tem sido associado a elevação da pressão arterial. OBJETIVO: Avaliar o efeito do IMC e da CA sobre a pressão arterial (PA de adolescentes. MÉTODOS: Estudo analítico de corte transversal. Selecionados 536 adolescentes, alunos de escolas públicas e privadas. Foram calculados IMC, classificado como normal alto (>p50 p85 p95. Mediu-se a CA, aumentada se>p75 e a PA, elevada se >p90. RESULTADOS: Trezentos e dezenove (59,5% indivíduos eram meninas, idade de 14,0± 1,99 anos, peso normal alto em 39,6%, sobrepeso em 37,1% e obesidade em 23,3%. O percentual de PAS e PAD elevadas acompanhou a elevação do IMC (p=0,000, alcançando 46,4% nos meninos e 39,3% nas meninas obesas (PAS e 42,0% e 44,6% (PAD, respectivamente. PAS e PAD elevadas foram 3,9 a 3,4 vezes mais freqüente nos meninos, e 2,2 a 2,0 vezes mais nas meninas com CA > p75, respectivamente. Pela análise de regressão linear simples cada aumento no IMC aumentaria a PAS em 1,198 mmHg e da CA em 0,622 mmHg. A razão de prevalência (RP de PAS e PAD elevadas em razão do IMC>p85 foi 3,9(I.C. 95% 2,0-7,4[p=0,000] e 4,3(I.C. 95% 2,2-8,5[p=0,000], respectivamente, e em razão da CA>p75 de 1,8(IC 95% 1,0 a 3,0 [p=0,036] e 1,4(IC 95% 0,8 a 2,4. Encontrou-se em 16/181(8,8% dos adolescentes com peso normal alto, PA>P90 com CA>p75. CONCLUSÃO: Os valores do IMC e da CA têm forte influência sobre os valores da PA de adolescentes.BACKGROUND: Increased body mass index (BMI and waist circumference (WC have been associated with blood pressure elevation. OBJECTIVE: To evaluate the effect of BMI and WC on blood pressure (BP of adolescents. METHODS: Cross-sectional analytical study including 536 adolescents from public and private schools. BMI was calculated and classified as high-normal (> 50th p and 85th p and 95th p. WC was measured and considered increased if > 75th p. BP was considered elevated if > 90th p

  13. Aleitamento materno exclusivo atenua riscos cardiovasculares e estado inflamatório em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Cristina Landi MASQUIO

    2014-01-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar o perfil inflamatório e o risco de doenças das artérias carótidas em adolescentes obesos de acordo com tempo de aleitamento materno exclusivo na infância, Métodos: Trata-se de estudo transversal realizado com 118 adolescentes obesos, A duração do aleitamento materno exclusivo foi obtida por meio de entrevista com os pais, A espessura da íntima-média da artéria carótida (EIMc foi estimada por ultrassonografia, Massa corporal, Índice de Massa Corporal (IMC, Circunferência da Cintura (CC e pressão arterial foram mensurados, Dosagens séricas de glicose, insulina, colesterol total, LDL, adiponectina e leptina foram realizadas, A resistência insulínica foi determinada por meio do Homeostasis Model Assessment Insulin Resistance (HOMA-IR, Resultados: Adiponectina apresentou-se significativamente superior em adolescentes amamentados exclusivamente até os 6 meses, Por outro lado, a EIMc mostrou-se significativamente inferior nesses adolescentes, Massa corporal, IMC, gordura corporal, CC, insulina e HOMA-IR apresentaram-se significativamente inferiores em adolescentes que receberam aleitamento materno exclusivo até os seis meses comparados aos que não receberam, Insulina e HOMA-IR associaram-se com a massa corporal, IMC, CC e gordura corporal, As concentrações de leptina associaram-se negativamente com adiponectina e positivamente com gordura corporal e IMC, Pressão arterial sistólica e diastólica foram preditas positivamente pela massa corporal, IMC e CC, Conclusão: Adolescentes obesos amamentados exclusivamente por 6 meses apresentam um perfil antropométrico e metabólico e estado inflamatório mais atenuado, bem como menores riscos cardiovasculares, o que pode contribuir para redução de riscos de desenvolvimento de aterosclerose em longo prazo.

  14. Factores asociados con el índice de masa corporal materno en un grupo de gestantes adolescentes, Medellín, Colombia Fatores associados ao índice de massa corporal materno em um grupo de gestantes adolescentes, Medellín, Colômbia Factors associated with maternal body mass index in a group of pregnant teenagers, Medellin, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Lucía Restrepo-Mesa

    2013-05-01

    Full Text Available El estudio tuvo como objetivo evaluar la influencia de factores socioeconómicos, de seguridad alimentaria, de salud, y algunas medidas antropométricas, en la clasificación del índice de masa corporal (IMC en un grupo de gestantes adolescentes de la ciudad de Medellín, Colombia, durante el tercer trimestre de gestación. Se realizó un estudio analítico observacional transversal con 294 gestantes. Para el análisis se utilizó un análisis bivariado y un modelo de regresión logística. La mayor probabilidad de presentar bajo peso gestacional la tuvieron aquellas gestantes cuyas familias devengaban menos de un salario mínimo (OR = 5,8; IC95%: 1,97-16,8. Ser menor de 15 años aumentó cuatro veces la probabilidad bajo peso gestacional y tener un perímetro del brazo y de pantorrilla por encima de 24cm y 32cm, respectivamente, reduce la probabilidad de presentar bajo peso gestacional en un 94% (perímetro de brazo: OR = 0,1; IC95%: 0,0-0,2; (perímetro de pantorrilla: OR = 0,1; IC95%: 0,0-0,2. Se concluye que los ingresos y la edad cronológica se asociaron con el bajo peso gestacional. Los perímetros de brazo y pantorrilla se correlacionaron de forma positiva con el peso materno.O estudo teve como objetivo avaliar a influência de fatores socioeconômicos, de segurança alimentar, de saúde, e algumas medidas antropométricas, na classificação do índice de massa corporal (IMC em um grupo de gestantes adolescentes da Cidade de Medellín, Colômbia, durante o terceiro trimestre de gestação. Realizou-se estudo analítico observacional transversal com 294 gestantes. Utilizou-se análise bivariada e um modelo de regressão logística. As gestantes cujas famílias ganhavam menos de 1 salário mínimo (OR = 5,8; IC95%: 1,9-16,8 tiveram maior probabilidade de apresentar baixo peso gestacional. Ser menor de 15 anos aumentou quatro vezes a probabilidade de baixo peso gestacional, e ter um perímetro do braço e da panturrilha maior que 24cm e

  15. Anemia em adolescentes segundo maturação sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iuliano Bianca Assunção

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de anemia em adolescentes (hemoglobina0,05. Observou-se aparente aumento do nível médio de hemoglobina com o desenvolvimento do adolescente. Detectou-se anemia em 11,0% dos adolescentes, a maioria na fase púbere, classificada como ''prevalência leve'' segundo a World Health Organization. Não foi encontrada associação entre indicadores sociais e anemia. CONCLUSÃO: O estudo apontou baixa prevalência de anemia, mas acima do esperado entre púberes de escola particular e indica tendência de aumento dos níveis de hemoglobina com o desenvolvimento sexual dos adolescentes. Devem ser realizados novos estudos de prevalência de anemia para se determinar sua causa entre adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos.

  16. Comparação da insatisfação corporal e do comportamento alimentar inadequado em atletas adolescentes de diferentes modalidades esportivas Comparison of body dissatisfaction and inappropriate eating behavior in adolescent athletes of different sports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2011-12-01

    Full Text Available A insatisfação corporal (IC é considerada sintoma de primeira ordem no desencadeamento dos transtornos alimentares (TAs. O ambiente atlético tem fatores peculiares que parecem potencializar o risco do surgimento de TAs nos atletas. O objetivo do presente estudo foi comparar a IC e o comportamento alimentar inadequado (CAI entre atletas adolescentes de diversas modalidades esportivas e diferentes níveis competitivos, utilizando o índice de massa corporal (IMC, o percentual de gordura e a idade como covariáveis. A amostra do estudo foi constituída por 580 atletas de diversas modalidades, de ambos os sexos, com idades entre 10 e 19 anos. Utilizou-se o BSQ e o EAT-26 para mensurar a IC e o CAI, respectivamente. Peso e estatura foram aferidos para calcular-se o IMC. A gordura relativa foi estimada aferindo-se as dobras cutâneas triciptal e subescapular. Foi conduzida análise univariada de covariância (ANCOVA para comparar IC e CAI entre níveis competitivos e modalidades esportivas, segundo sexo. Em relação aos resultados, dois aspectos merecem destaque. O primeiro é que identificou-se diferença de IC entre basquetebolistas e handebolistas do sexo masculino (p The body dissatisfaction (BD is considered a symptom of first order in the onset of eating disorders (ED. The athletic environment has unique factors that appear to potentiate the risk for the emergence of ED in athletes. The purpose of this study was to compare the BD and inappropriate eating behavior (IEB among adolescent athletes of different sports and competitive levels using the body mass index (BMI, fat percentage and age as covariates. The study sample consisted of 580 athletes of both sexes, aged between 10 and 19 years. We used the BSQ and the EAT-26 to measure the BD and IEB, respectively. Weight and height were measured for BMI determination. Relative fat was estimated via triceps and subscapular skinfolds. A univariate analysis of covariance (ANCOVA was conducted to

  17. ATIVIDADE FÍSICA E GORDURA CORPORAL DE ADOLESCENTES VIVENDO COM HIV: UM ESTUDO COMPARATIVO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Custódio Martins

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Comparar a atividade física habitual entre adolescentes que vivem com o vírus da imunodeficiência humana (HIV e seus pares saudáveis e testar a relação com indicadores antropométricos de gordura corporal. Método: Estudo transversal, com dois grupos de investigação, composto por 57 adolescentes (10-15 anos com HIV e 54 adolescentes aparentemente saudáveis, pareados por sexo e idade. Medidas antropométricas foram realizadas e a atividade física habitual foi obtida por um questionário aplicado em entrevista. Os grupos foram comparados de acordo com os exercícios físicos e foi testada a correlação linear e correlação parcial (ajustada por sexo e idade entre atividade física e os indicadores antropométricos. Resultados: Adolescentes que vivem com HIV apresentaram menor escore total de atividade física, comparados aos pares saudáveis (1,73 versus 2,14; p<0,001; porém tiveram maior participação nas práticas de educação física escolar. Ambos os grupos praticaram futebol e caminhadas mais frequentemente, entre as atividades físicas relatadas. Não houve correlação entre o escore total de atividade física e os indicadores antropométricos de gordura corporal, quando ajustado por sexo e idade. As variáveis sexo feminino (β=21,51, meses de exposição à terapia antirretroviral (β=1,26 e as classes econômicas “B” e “C” (β= 22,05 e β=28,15, respectivamente explicaram 33% do somatório de dobras cutâneas de adolescentes que vivem com HIV (F=6,70; p<0,001. Conclusões: Adolescentes com o HIV têm menor escore de atividade física comparados aos pares saudáveis, porém a educação física escolar se mostrou um espaço favorável para o aumento dessa prática.

  18. Identificação de distúrbios da imagem corporal e comportamentos favoráveis ao desenvolvimento da bulimia nervosa em adolescentes de uma Escola Pública do Ensino Médio de Maringá, Estado do Paraná = Identifying body image disorders and behaviors leading to the development of bulimia nervosa in adolescents from a Public High School in Maringá, Paraná State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Maria de Souza-Kaneshima

    2008-07-01

    Full Text Available Ciente da importância de estudos de transtornos alimentares em adolescentes, este trabalho identificou a ocorrência de distúrbios da imagem corporal e de bulimia nervosa, em 187 adolescentes. Pelo Body Shape Questionnaire (BSQ, foi demonstrado que 48,13% dos adolescentes apresentaram distúrbios de imagem corporal. A aplicação do Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo (BITE demonstrou que 3,74 e 39,04% dos adolescentes apresentaram alto e médio grau de desordem alimentar, respectivamente. Na subescala de gravidade do BITE, verificou-se que 2,67 e 7,49% dos adolescentes apresentaram gravidade alta e moderada de bulimia nervosa. Os resultados demonstram alguns adolescentes com atitudes e comportamentos que favorecem o desenvolvimento da bulimia nervosa, devido à percepção distorcida da própria imagem corporal. Portanto, são necessárias campanhas educacionais para esclarecer que o culto ao corpo está associado a graves transtornos alimentares.Conscious of the importance of studying eating disorders inadolescents, this work identified the onset of body image disorders and bulimia nervosa in 187 adolescents. Using the Body Shape Questionnaire (BSQ, it was shown that 48.13% of adolescents displayed body image disorders. The application of the Bulimic Investigatory Test, Edinbugh (BITE demonstrated that 3.74 and 39.04% of adolescents presented a high or medium level of eating disorder, respectively. In the subscale of BITE severity, it was detected that 2.67 and 7.49% of adolescents showed high and moderated gravity of bulimia nervosa. The results revealed some adolescents with attitudes and behaviors that favor the development of bulimia nervosa, due to a distorted perception of their body image. Therefore, educational campaigns are necessary to clarify that the cult of the body is associated with serious eating disorders.

  19. Sensibilidade e especificidade de classificação de sobrepeso em adolescentes, Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Chiara

    2003-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência, sensibilidade e especificidade em detectar adolescentes em risco de obesidade, baseada no Índice de Massa Corporal (IMC. MÉTODOS: Foram avaliados 502 adolescentes de 12 a 18 anos, participantes da pesquisa Nutrição e Saúde do Município do Rio de Janeiro, desenvolvida em 1996. As variáveis do estudo foram: peso, estatura, IMC e dobra subescapular, de acordo com sexo e idade. As classificações para IMC foram comparadas com a classificação pela dobra subescapular no percentil 90 (excesso de adiposidade da população de adolescentes americanos. RESULTADOS: A prevalência de excesso de adiposidade foi mais elevada com a dobra subescapular (P<0,0001 comparada com as classificações do IMC que apresentaram valores aproximados. A especificidade foi superior à sensibilidade com as duas propostas do IMC. O ponto de equilíbrio entre sensibilidade e especificidade foi próximo ao percentil 70 para meninas e meninos menores de 14 anos. Em meninos maiores de 15 anos, o ponto de corte aproximou-se do percentil 50 do IMC. CONCLUSÃO: Ambas classificações do IMC foram mais adequadas para identificar adolescentes sem obesidade, não sendo sensíveis para rastrear excesso de adiposidade.

  20. Influence of different body mass index cut-off values in assessing the nutritional status of adolescents in a household survey Influência de distintos valores críticos do índice de massa corporal na avaliação do estado nutricional de adolescentes em inquérito domiciliar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabio da Silva Gomes

    2009-08-01

    Full Text Available The purpose of this study was to evaluate the anthropometric nutritional status of the adolescent population of Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil, and the influence of changes in the adopted body mass index (BMI cut-offs in the nutritional status assessment of the adolescent population. A population-based survey conducted in 2003 obtained data from a probabilistic sample of 1,734 households and 523 adolescents. The multiple proportions test and prevalence ratios were used to analyze differences between estimates obtained from different BMI cut-offs. Changes in cut-off values from the old to the new recommendation of the World Health Organization (WHO resulted in a significant increase in overweight prevalence among total, male and female adolescent population (25%, 27% and 23%, respectively (p Este artigo tem por objetivo avaliar o estado nutricional antropométrico da população adolescente residente em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, bem como a influência das mudanças nos valores críticos de índice de massa corporal (IMC na avaliação do estado nutricional dessa população. Uma pesquisa amostral probabilística de base populacional conduzida em 2003 obteve dados de 1.734 domicílios e 523 adolescentes. Testes para múltiplas proporções e razões de prevalência foram utilizados para analisar as diferenças entre estimativas obtidas segundo distintos valores críticos de IMC. Mudanças nos pontos de corte da antiga para a atual recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS resultaram em aumentos significativos nas prevalências de sobrepeso entre o total de adolescentes, meninos e meninas (25%, 27% e 23%, respectivamente (p < 0,05. A proposta da International Obesity Task Force resultou em uma redução significativa de 29% e 39% na prevalência de baixo-IMC-para-idade entre o total de adolescentes e meninos, respectivamente, quando comparada à recomendação atual da OMS (p < 0,05. Foi evidenciado que uma simples

  1. Repercussões do uso do calçado de salto alto na postura corporal de adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anniele Martins Silva

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar estudos referentes às repercussões do uso de calçado com salto alto na postura corporal de adolescentes. FONTES DE DADOS: Pesquisa realizada nas bases de dados Scopus, SciELO e PubMed entre 1980 e 2011, incluindo artigos escritos em inglês e português. Foram utilizados os descritores: "postura", "centro de gravidade" e "calçado de salto alto". Foram encontrados 55 artigos, independentemente do desenho do estudo, incluindo-se 20 relacionados à postura da coluna vertebral e membros inferiores, à localização do centro de gravidade e às repercussões do uso do calçado de salto alto no sistema musculoesquelético em adolescentes. SÍNTESE DOS DADOS: O uso frequente do calçado de salto alto acarreta modificação do centro de gravidade e do equilíbrio corporal, podendo ocasionar mudança no alinhamento dos segmentos corporais. Isso traz repercussões negativas ao desenvolvimento motor das adolescentes, pois nessa fase há a necessidade de manutenção da postura fisiológica para que ocorra o crescimento e o desenvolvimento do sistema musculoesquelético. CONCLUSÕES: O uso do calçado de salto alto por adolescentes pode favorecer o aparecimento de distúrbios posturais, dentre os quais se destacam anteriorização da cabeça, hiperlordose lombar, anteversão pélvica e joelho em valgo. Identificou-se que a altura e a largura do salto são as características do calçado que mais influenciam no surgimento de alterações posturais e desequilíbrio corporal.

  2. Índice de massa corporal apresenta boa correlação com o perfil pró-aterosclerótico em crianças e adolescentes Índice de masa corporal presenta buena correlación con el perfil proaterosclerótico en niños y adolescentes Body mass index has a good correlation with proatherosclerotic profile in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geodete Batista Costa

    2009-09-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Recentemente, uma associação de diferentes fatores de risco foi descrita como a síndrome metabólica. Diferentes definições estão sendo utilizadas para a mesma síndrome. Independente do nome ou da classificação, estabeleceu-se que um agrupamento de fatores de risco cardiovasculares incluindo sobrepeso/obesidade, aumento da pressão arterial e anormalidade lipídicas e glicêmicas está associado com aumento do risco de aterosclerose em adultos. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi correlacionar os percentis do índice de massa corporal com a pressão arterial (PA, índice de resistência à insulina (HOMA-ir e perfis lipídicos em crianças e adolescentes, os quais caracterizam um perfil pró-aterosclerótico. MÉTODOS: Agrupamentos de fatores de risco cardiovasculares foram avaliados em 118 crianças e adolescentes, divididos de acordo com os quartis do percentil de índice de massa corporal (PIMC: Q1 (n=23 com PIMC 93%. Estatisticamente, diferenças significantes não foram observadas para idade (F=2,1; p=0,10; sexo (teste Qui-quadrado=3,0; p=0,38, e etnia (teste do Qui-quadrado = 4,7; p=0,20 entre diferentes quartis. RESULTADOS: Uma diferença estatisticamente significante foi observada para PA sistólica (F=15,4; pFUNDAMENTO: Recientemente, una asociación de diferentes factores de riesgo se describió como el síndrome metabólico. Se están utilizando diferentes definiciones para el mismo síndrome. Independientemente del nombre o de la clasificación, se estableció que un agrupamiento de factores de riesgo cardiovascular, incluyendo sobrepeso/obesidad, aumento de la presión arterial y anormalidades lipídicas y glicémicas está asociado al aumento de riesgo de aterosclerosis en adultos. OBJETIVO: El objetivo de este estudio fue correlacionar los percentiles del índice de masa corporal con la presión arterial (PA, índice de resistencia a la insulina (HOMA-ir y perfiles lipídicos en niños y adolescentes, los

  3. Síndrome metabólica em adolescentes do sexo feminino com sobrepeso e obesidade

    OpenAIRE

    Adriana Pelegrino Pinho; Iguatemy Lourenço Brunetti; Maria Tereza Pepato; Almeida,Carlos Alberto N.

    2012-01-01

    OBJETIVO: Avaliar parâmetros bioquímicos e fisiológicos em adolescentes do sexo feminino com sobrepeso/obesidade ou com peso corporal normal e avaliar se fatores de risco cardiovascular, postulados como componentes da síndrome metabólica, já estão presentes nessa faixa etária. MÉTODOS: Estudo transversal, tendo-se comparado a totalidade de meninas com idades entre 12 e 18 anos de um colégio de Ribeirão Preto, divididas em dois grupos: sobrepeso/obesidade (n=30) e controle (n=39). De cada meni...

  4. Atividades motoras aquáticas na coordenação corporal de adolescentes com deficiência intelectual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilia Naves Rodrigues

    2014-04-01

    Full Text Available Estudo de caso do tipo antes e depois analisou a contribuição de um programa de atividades motoras em meio aquático na coordenação corporal de adolescentes com deficiência intelectual, com idade entre doze e quinze anos, que durante quatro meses participaram de atividades em meio aquático. Antes, durante e após a intervenção, a coordenação corporal deles foi avaliada com o teste KTK. A análise estatística foi por meio do teste não paramétrico de Wilcoxon e software minitab 16. Houve melhora nas quatro tarefas do teste, mas sem evolução estatisticamente significativa na coordenação corporal geral, pois o quociente motor total de cada adolescente ficou muito abaixo do esperado para a idade cronológica, mesmo assim, a vivência contribuiu com a coordenação corporal dos participantes.

  5. Validação e reprodutibilidade da Escala de Evaluación de Insatisfación Corporal para Adolescentes Validación y reproducibilidad de la Escala de Evaluación de la Insatisfacción Corporal para Adolescentes Validity and reproducibility of Escala de Evaluación da Insatisfación Corporal para Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Aparecida Conti

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO:Validar escala de insatisfação corporal para adolescentes. MÉTODOS: Participaram do estudo 386 adolescentes, de ambos os sexos, entre dez e 17 anos de idade, de uma escola particular de ensino fundamental e médio, de São Bernardo do Campo, SP, em 2006. Foram realizadas tradução e adaptação cultural da "Escala de Evaluación de Insatisfación Corporal para Adolescentes" para o português. Foram avaliadas consistência interna por meio do coeficiente alfa de Cronbach, análise fatorial pelo método Varimax e validade discriminante pelas diferenças entre médias de estado nutricional, utilizando-se o teste de Kruskal-Wallis. Na validação concorrente, calculou-se o coeficiente de correlação de Spearman entre a escala e o índice de massa corporal, a razão circunferência quadril e a circunferência da cintura. Para reprodutibilidade, foram utilizados o teste de Wilcoxon, o coeficiente de correlação intra-classe. RESULTADOS: A escala traduzida não apresentou discordâncias significativas com a original. A escala apresentou consistência interna satisfatória para todos os subgrupos estudados (fases inicial e intermediária de adolescência, ambos os sexos e foi capaz de discriminar os adolescentes segundo o estado nutricional. Na análise concorrente, as três medidas corporais foram correlacionadas, exceto adolescentes do sexo masculino em fase inicial, e sua reprodutibilidade foi confirmada. CONCLUSÕES: A Escala de Avaliação da Insatisfação Corporal para Adolescentes está traduzida e adaptada para o português e apresentou resultados satisfatórios, sendo recomendada para avaliação do aspecto atitudinal da imagem corporal de adolescentes.OBJETIVO:Validar escala de insatisfacción corporal para adolescentes. MÉTODOS: Participaron del estudio 386 adolescentes, de ambos sexos, entre diez y 17 años de edad, de una escuela particular de enseñanza fundamental y media, de São Bernardo do Campo, Sureste de Brasil, en

  6. Ser adolescente e ser pai/mãe: gravidez adolescente em uma amostra brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Diniz Bensaja dei Schiro

    2013-09-01

    Full Text Available O estudo teve por objetivo investigar as características associadas à gravidez adolescente em uma amostra de adolescentes brasileiros de ambos os sexos. Estudo transversal (N = 226 com 64,2% dos participantes do sexo feminino. A média de idade dos participantes foi 18,86 anos (DP = 1,35. Os participantes responderam a um questionário que investigava aspetos como: (1 vida sexual; (2 sentimentos com relação à gravidez; (3 relações com escola; (4 trabalho; e (5 família. Não foram encontradas diferenças de sexo para idade de início da vida sexual nem para o número de gravidezes relatadas. Constatou-se, no entanto, que a gravidez gerou mais sentimentos de vergonha nas meninas (p < 0,01 e indicação de necessidade de buscar trabalho para os meninos (p < 0,001. Os meninos revelaram maior número de repetições de ano e de expulsões da escola em relação às meninas (p < 0,05. Esses resultados sugerem que gravidez adolescente toma diferentes significados para os adolescentes, em função do seu sexo.

  7. Rorschach: Normas para Adolescentes em Diferentes Etapas da Vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Sonia Gattas Fernandes do Nascimento

    Full Text Available RESUMO Trata-se de estudo do método de Rorschach para construção de normas para adolescentes, com 118 participantes da cidade de São Paulo, com idades entre 13 e 17 anos. Foram realizados: estatística descritiva do Rorschach e estudos por meio de ANCOVA e ANOVA - com e sem a mediação da variável "complexidade" (R-PAS, para comparar adolescentes de 13-14 com 15-17 anos e a amostra de adolescentes com uma amostra de estudo normativo de adultos. Nos procedimentos com idades dicotomizadas, encontrou-se apenas uma diferença, em ANCOVA. Na comparação com os adultos foram encontradas muitas diferenças em ANOVA e ANCOVA. Adolescentes evidenciam melhores recursos cognitivos e sinais de sofrimento psíquico diversos dos apresentados por adultos. Conclui-se que é muito importante a utilização de tabelas específicas para adolescentes.

  8. Repercussões do uso do calçado de salto alto na postura corporal de adolescentes

    OpenAIRE

    Anniele Martins Silva; Gisela Rocha de Siqueira; Giselia Alves P. da Silva

    2013-01-01

    OBJETIVO: Revisar estudos referentes às repercussões do uso de calçado com salto alto na postura corporal de adolescentes. FONTES DE DADOS: Pesquisa realizada nas bases de dados Scopus, SciELO e PubMed entre 1980 e 2011, incluindo artigos escritos em inglês e português. Foram utilizados os descritores: "postura", "centro de gravidade" e "calçado de salto alto". Foram encontrados 55 artigos, independentemente do desenho do estudo, incluindo-se 20 relacionados à postura da coluna vertebral e me...

  9. Identidade cultural e bem-estar subjectivo em adolescentes

    OpenAIRE

    Patinhas, Irina Ramos

    2013-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2013 As investigações realizadas com adolescentes portugueses sobre a identidade cultural e o bem-estar subjectivo, apontam, ainda, para uma escassez de informação sobre a relação entre ambos. Tendo este facto em conta, a presente dissertação elaborou um estudo exploratório com 55 adolescentes que f...

  10. Triagem sorológica para doença celíaca em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ester Pereira da Conceição-Machado

    2015-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo objetivou identificar a soroprevalência da doença celíaca em adolescentes de escolas públicas da cidade de Salvador, Bahia. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal com amostra probabilística de 1.213 adolescentes de 11 a 17 anos, de ambos os sexos. O índice de massa corporal foi utilizado para o diagnóstico do estado nutricional, adotando-se os percentis segundo idade e sexo, propostos pela World Health Organization. O anticorpo anti-transglutaminase humana da classe imunoglobulina A (anti-tTG-IgA foi adotado como teste sorológico para triagem da doença celíaca e foi determinado pela técnica do ensaio imunoabsorvente ligado à enzima (ELISA. Foi realizada análise descritiva, utilizando-se a proporção e a média (desvio padrão. RESULTADOS: O sexo feminino predominou entre os adolescentes, e a maioria encontrava-se com adequado estado nutricional. O anticorpo anti-tTG-IgA foi positivo em 6/1.213 (0,49% adolescentes. CONCLUSÃO: A soroprevalência de doença celíaca entre os adolescentes estudados foi 0,49%. Novas investigações são necessárias para confirmar a prevalência de doença celíaca nessa faixa etária.

  11. Aprendiz versus trabalhador: adolescentes em processo de aprendizagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayte Raya Amazarray

    Full Text Available Este estudo objetivou conhecer a experiência de adolescentes em processo de inserção laboral. Participaram 10 adolescentes, de ambos os sexos, com idades entre 15 e 16 anos, em contrato de aprendizagem em empresa pública. Foi utilizada uma abordagem qualitativa, com aplicação de questionário biosociodemográfico e grupos focais. Criaram-se quatro categorias temáticas: ser adolescente, aprendiz versus trabalhador, significado do trabalho e futuro profissional. Constatou-se indiferenciação entre os papéis de trabalhador e aprendiz. A experiência de aprendizagem foi percebida como situação privilegiada para a formação profissional. Expectativas acerca do futuro laboral revelaram insegurança e desinformação quanto ao mercado de trabalho. Evidenciou-se a importância da experiência para a construção da identidade de trabalhador e da realização de programas de acompanhamento junto a adolescentes aprendizes.

  12. FACE DA MORTE: A LEI EM CONFLITO COM O ADOLESCENTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciene Jimenez

    2015-08-01

    Full Text Available O artigo traça um breve panorama histórico de como a lei tem abordado a temática da infância e adolescência no Brasil desde o Código de Menores ao Estatuto da Criança e do Adolescente, priorizando o adolescente em conflito com a lei. A partir do Mapeamento Nacional de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto e do Índice de Homicídios na Adolescência, relaciona o perfil dos adolescentes brasileiros integrantes do sistema socioeducativo em meio aberto com aquele dos adolescentes vítimas de homicídio: são do sexo masculino, pobres, de baixa escolaridade, vivendo nas regiões metropolitanas dos grandes centros urbanos, embora nos últimos anos tenha se observado um processo de interiorização das mortes violentas. Partindo das compreensões de disciplina e biopoder, conforme postuladas por Michel Foucault, busca promover reflexões acerca da incidência das medidas socioeducativas sobre um determinado grupo, justamente aquele que diariamente engrossa as estatísticas de mortalidade decorrente de causas violentas.

  13. Estado nutricional, percepção da imagem corporal e qualidade de vida de adolescentes

    OpenAIRE

    Mendonça,Karla Lorena

    2013-01-01

    Objetivo: Analisar a influência do percentil do Índice de Massa Corporal (IMC) sobre a percepção da Imagem Corporal (IC) e a Qualidade de Vida (QV) de adolescentes de uma cidade de grande porte. Metodologia: Estudo transversal onde uma amostra representativa de adolescentes saudáveis de uma capital brasileira foi selecionada de escolas públicas e privadas. Foram aferidas as medidas antropométricas para calcular o percentil do IMC. Uma escala de IC foi aplicada aos adolescent...

  14. Hipertensão do avental branco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Fernandes Resende Candido

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prevalência da hipertensão do avental branco em crianças e adolescentes, bem como os fatores de risco para a hipertensão arterial. Métodos: Analisaram-se alguns fatores de risco para a hipertensão arterial e os valores pressóricos com o avaliador utilizando vestimentas brancas e coloridas. Realizou-se o teste t pareado para avaliar os valores pressóricos dos adolescentes medidos utilizando diferentes vestimentas e a odds ratio para associar os fatores de risco e a hipertensão arterial, ambos a 5%. Resultados: Participaram 115 crianças e 115 adolescentes, sendo que 27,90% das neninas e 37% dos meninos apresentaram excesso de peso; os perímetros da cintura e do pescoço estavam aumentados em 13,04 e 33,91% dos avaliados, respectivamente. A hipertensão do avental branco foi identificada em 31,52% dos adolescentes, sendo que todos se apresentaram normotensos quando os valores pressóricos foram avaliados com roupas coloridas. Os fatores de risco associados à hipertensão arterial foram o excesso de peso, a ausência de aferição da pressão arterial e o perímetro do pescoço aumentado. Conclusão: Apenas os adolescentes sofreram interferência das vestimentas brancas e apresentaram a hipertensão do avental branco. Os avaliados apresentaram fatores de risco que podem contribuir para o desenvolvimento da hipertensão arterial.

  15. Estudo de validação e fidedignidade de escalas de silhuetas brasileiras em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Laus

    Full Text Available Objetivou-se avaliar a validade de construto e a fidedignidade das escalas de silhuetas de Kakeshita (2008 em adolescentes brasileiros. Após a condução do teste-reteste em 112 participantes com intervalo de um mês, os resultados demonstraram que as escalas foram capazes de discriminar os diferentes grupos de estado nutricional em ambos os sexos; apresentaram coeficientes de correlação entre IMC real, IMC atual e insatisfação e coeficientes de correlação intraclasse elevados, comprovando que o instrumento é apropriado para avaliar a imagem corporal nessa faixa etária.

  16. CORRELAÇÕES DA IMPRESSÃO PLANTAR COM DISFUNÇÕES BIOMECÂNICAS CRÂNIO CERVICAIS E EM MEMBROS INFERIORES EM ADOLESCENTES OBESOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Cardoso Andrade

    2012-06-01

    Full Text Available Introdução: Alteração a nível corporal do indivíduo como a obesidade, se não ocorrer fenômenos adaptativos eficientes, gerados pelo próprio organismo, pode ter graves consequências de distúrbios posturais. Objetivo: Analisar o padrão postural de adolescentes obesos através da biofotogrametria em escola pública de Teresina-PI. Metodologia: A amostra foi composta de 88 adolescentes (10-14anos categorizados em grupo controle GC (n=33, grupo sobrepeso-GS (n=24 e grupo Obeso-GO (n=31. Os escolares foram posicionados e fotografados em posição ortostática frontal anterior, sagital direita e posterior. As pressões plantares foram registradas em um podoscópio. Realizou-se avaliação postural utilizando programa Corew Draw 12 baseado no princípio da fotogrametria. Resultados: A incidência de sobrepeso e obesidade foi de 41, 67 e 67,74% no sexo masculino e 58,33% e 32,26% no sexo feminino. A maior incidência de alterações posturais entre adolescentes GO e GS com pConclusão: A obesidade em adolescentes pode levar a alterações posturais. Palavras-chave: Obesidade. Impressões Plantares. Postura.

  17. Avaliação da composição corporal e do consumo alimentar de nadadores adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Veroneze de Mello

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A composição corporal e a alimentação de nadadores têm influência direta em seu desem-penho esportivo. Objetivo: Avaliar a composição corporal e o consumo alimentar de nadadores adolescentes.Métodos:Estudo transversal realizado com 15 nadadores adolescentes, de ambos os sexos, de um clube de São Paulo, Brasil. Aplicou-se um questionário de identificação e houve aferição de peso, estatura, circunferências corporais e dobras cutâneas. Para a avaliação do consumo alimentar foi aplicado um recordatório de 24 horas.Resultados:A maioria dos atletas apresentou percentual de gordura corporal adequado. Houve ingestão de suplementos alimentares por todos os nadadores. Observou-se elevado consumo de proteínas e baixa ingestão de carboidratos. As maiores prevalências de inadequação de micronutrientes foram para vitamina B9, iodo e cálcio.Conclusão:Os resultados sugerem a necessidade de intervenção nutricional nesse grupo de atletas.

  18. Circunferência da cintura como indicador de gordura corporal e alterações metabólicas em adolescentes: comparação entre quatro referências Waist circumference as indicator of body fat and metabolic alterations in teenagers: comparison among four references

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Feliciano Pereira

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a validade diagnóstica de quatro tabelas de referência para circunferência da cintura em adolescentes do sexo feminino para detecção de alterações lipídicas, hiperinsulinemia, homeostasis model assessment (HOMA elevado, hiperleptinemia e elevada adiposidade corporal. MÉTODOS: Avaliadas 113 adolescentes com idade entre 14 e 19 anos, provenientes de escolas públicas de Viçosa (MG. Em amostras de sangue foram dosados colesterol total, LDL, HDL, triglicerídeos, insulina e leptina. Determinado percentual de gordura corporal através de bioimpedância elétrica tetrapolar. Pela medida de menor diâmetro abdominal foi determinada a circunferência da cintura do abdômen e calculados valores de sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo. Foram elaboradas tabelas de contingência de classificação de circunferência da cintura em adolescentes para quatro critérios: Freedman et al., 1999; Taylor et al., 2000; McCarthy et al., 2001; e Moreno et al., 2007. RESULTADOS: Valores de sensibilidade em geral foram baixos para as referências avaliadas, sendo os maiores obtidos para a de McCarthy et al. Ao contrário, as especificidades foram altas, principalmente para a tabela de Freedman et al. Os valores preditivos positivos foram mais relevantes para colesterol total e percentual de gordura corporal. CONCLUSÃO: Os pontos de corte para circunferência da cintura de McCarthy et al. demonstraram-se os mais adequados para avaliações populacionais. A proposta de Freedman et al. por apresentar maior especificidade, é útil para uso clínico e pode substituir a realização de exames de custo elevado que em muitos locais não se encontram ao alcance dos profissionais de saúde, como leptina e insulina.OBJECTIVE: Assess diagnostic validity of four reference tables for waist circumference in female teenagers in order to detect lipid alterations, hyperinsulin, elevated homeostasis model assessment (HOMA

  19. Satisfação corporal e características de lipodistrofia em crianças e adolescentes com HIV/AIDS em uso de terapia antirretroviral de alta potência Body satisfaction and lipodystrophy characteristics in HIV/AIDS children and teenagers undergoing highly active antiretroviral therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Querino Haesbaert da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a presença de alterações metabólicas e corporais e satisfação corporal em crianças e adolescentes em uso de terapia antirretroviral. MÉTODOS: Estudo transversal de 38 jovens entre seis e 18 anos infectados por HIV e atendidos entre dezembro de 2009 e maio de 2010. A satisfação corporal foi avaliada por escala de silhuetas, composta por 11 figuras. O estado nutricional foi avaliado por meio de mensurações de peso, altura, circunferências e pregas cutâneas. A presença de características de lipodistrofia foi avaliada pelo exame físico e o perfil lipídico e glicêmico foi solicitado no dia da consulta. Na análise estatística, aplicou-se o teste t e do qui-quadrado, sendo significante pOBJECTIVE: To verify the presence of body and metabolic alterations as well as body satisfaction in children and teenagers undergoing antiretroviral therapy. METHODS: This cross-sectional study enrolled 38 HIV infected young individuals (aged six to 18 years old treated from December 2009 to May 2010. The body satisfaction was assessed by the silhouette rating scale with 11 figures. The nutritional status was assessed by weight, height, circumferences and skinfolds. The presence of lipodystrophy characteristics was determined by the physical exam, and lipid profile and glycemia were requested during consultation. The statistical analysis used t-test and chi-square test, being significant p<0.05. RESULTS: Most of the 38 patients were eutrophic with length adequate for age; 26% of them presented overweight/obesity. The total cholesterol was within the normal range in 29% of the sample. The most expressive changes were cheek and abdominal lipohypertrophy. The body dissatisfaction prevalence was 84%. Children and teenagers had similar dissatisfaction levels; however, those dissatisfied by an excessive body weight had higher mean body mass index and tricipital skinfold thickness than the satisfied ones. The dissatisfaction was not

  20. Identificação de distúrbios da imagem corporal e comportamentos favoráveis ao desenvolvimento da bulimia nervosa em adolescentes de uma Escola Pública do Ensino Médio de Maringá, Estado do Paraná - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i2.5986 Identifying body image disorders and behaviors leading to the development of bulimia nervosa in adolescents from a Public High School in Maringá, Paraná State - DOI: 10.4025/actascihealthsci.v30i2.5986

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniele de Pinto Freitas Kneube

    2008-12-01

    Full Text Available Ciente da importância de estudos de transtornos alimentares em adolescentes, este trabalho identificou a ocorrência de distúrbios da imagem corporal e de bulimia nervosa, em 187 adolescentes. Pelo Body Shape Questionnaire (BSQ, foi demonstrado que 48,13% dos adolescentes apresentaram distúrbios de imagem corporal. A aplicação do Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo (BITE demonstrou que 3,74 e 39,04% dos adolescentes apresentaram alto e médio grau de desordem alimentar, respectivamente. Na subescala de gravidade do BITE, verificou-se que 2,67 e 7,49% dos adolescentes apresentaram gravidade alta e moderada de bulimia nervosa. Os resultados demonstram alguns adolescentes com atitudes e comportamentos que favorecem o desenvolvimento da bulimia nervosa, devido à percepção distorcida da própria imagem corporal. Portanto, são necessárias campanhas educacionais para esclarecer que o culto ao corpo está associado a graves transtornos alimentares.Conscious of the importance of studying eating disorders in adolescents, this work identified the onset of body image disorders and bulimia nervosa in 187 adolescents. Using the Body Shape Questionnaire (BSQ, it was shown that 48.13% of adolescents displayed body image disorders. The application of the Bulimic Investigatory Test, Edinbugh (BITE demonstrated that 3.74 and 39.04% of adolescents presented a high or medium level of eating disorder, respectively. In the subscale of BITE severity, it was detected that 2.67 and 7.49% of adolescents showed high and moderated gravity of bulimia nervosa. The results revealed some adolescents with attitudes and behaviors that favor the development of bulimia nervosa, due to a distorted perception of their body image. Therefore, educational campaigns are necessary to clarify that the cult of the body is associated with serious eating disorders.

  1. Gravidez em mulheres adolescentes: a ótica de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Raquel Rosado Morais

    2002-08-01

    Full Text Available Estudo descritivo, em que se objetivou conhecer a ótica de familiares acerca da situação da gravidez de uma adolescente do grupo. O estudo foi desenvolvido no município de Mossoró-RN, no Conjunto Liberdade II. Quatorze famílias participaram do estudo e a amostra de familiares de adolescentes grávidas ficou constituida por dezenove pessoas: treze mães, uma avó, duas sogras, um pai. um padrasto e um sogro. Entre os resultados do estudo, verificou-se que a preocupação com a imaturidade física e emocional das adolescentes grávidas e as questões de ordem econômica predominaram nos discursos de grande parte dos familiares; que a crise situacional intrafamiliar parecia resolver-se com o evolver da gestação e ter solução mais rápida quando a adolescente estabelecia uma união consensual com o parceiro afetivo-sexual; e que, mesmo vivendo uma crise, o comportamento de solidariedade dos familiares superou as reações emocionais negativas e os conflitos interpessoais iniciais.

  2. Prevalência de sintomas de anorexia nervosa e insatisfação com a imagem corporal em adolescentes do sexo feminino do Município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil Prevalence of symptoms of anorexia nervosa and dissatisfaction with body image among female adolescents in Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilaura Alves

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se identificar a prevalência de sintomas de anorexia nervosa e de insatisfação com a imagem corporal em adolescentes (sexo feminino de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. A amostra foi proporcional, estratificada conforme rede escolar (pública/privada e região sócio-geográfica, posteriormente distribuída no ensino fundamental e médio. Foram analisadas 1.148 adolescentes sorteadas aleatoriamente nos estratos. A presença de sintomas de anorexia nervosa (EAT+ foi identificada pelo Teste de Atitudes Alimentares e a avaliação da imagem corporal pelo Questionário de Imagem Corporal. As prevalências de EAT+ e insatisfação com a imagem corporal foram 15,6% e 18,8%. O EAT+ apresentou-se associado à faixa de 10-13 anos (OR = 1,542; p = 0,046; sobrepeso e obesidade (OR = 2,075; p The objective of this study was to identify the prevalence of symptoms of anorexia nervosa (EAT+ and dissatisfaction with body image among female adolescents in Florianópolis, Santa Catarina State, Brazil. The proportional sample (1,148 adolescents was stratified according to position of schools in the socio-geographic regions and public/private school classification, and was subsequently distributed according to primary and secondary schools. EAT+ was identified through the Eating Attitudes Test and evaluation of body image through the Body Shape Questionnaire. Prevalence rates for EAT+ and dissatisfaction with body image were 15.6% and 18.8%, respectively. EAT+ was associated with age (10-13y (OR = 1.542; p = 0.046; overweight/obesity (OR = 2.075; p < 0.001; dissatisfaction with body image (OR = 14.392; p < 0.001; and public schools (OR = 1.423; p = 0.041. Multiple logistic regression showed dissatisfaction with body image as the strongest independent risk factor for symptoms of anorexia nervosa (OR = 16.7; p < 0.001. Adolescents in Florianópolis show EAT+ rates similar to those observed in other regions of Brazil.

  3. Avaliação do excesso de gordura corporal em adolescentes: utilização de diferentes indicadores antropométricos - doi: 10.4025/actascihealthsci.v33i1.8585 Evaluation of excess body fat in adolescents: use of different anthropometric indicators - doi: 10.4025/actascihealthsci.v33i1.8585

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Maria Bianchini de Quadros

    2011-05-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o excesso de peso, de gordura e de adiposidade corporal em adolescentes de acordo com diferentes indicadores antropométricos, bem como, identificar diferenças na composição corporal entre sexos. Avaliou-se 139 adolescentes (10 a 17 anos do município da Lapa, Estado do Paraná. Foram coletadas informações da massa corporal, estatura, perímetro da cintura (PC e dobras cutâneas (DC triciptal e subescapular. Foram calculados o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. Utilizou-se o teste t para comparar os valores médios das variáveis antropométricas entre os sexos e o teste do Qui-quadrado para analisar diferenças de prevalências entre os sexos. Moças apresentaram médias superiores para a DC triciptal (p This study aimed to assess excess weight, fat and adiposity in adolescents according to different anthropometric indicators, as well to identify differences in body composition between the genders. We investigated 139 adolescents (10-17 years of age from Lapa, Paraná State. Information was collected on body mass, height, and waist circumference (WC and tricipital and subscapular skinfolds. Body mass index (BMI and fat percentage (F% were calculated. We used the t test to compare mean values of anthropometric variables between the genders and the chi-square test to analyze differences in the prevalence between the genders. Girls had higher mean values for tricipital skinfold (p < 0.001 and F% (p < 0.001 compared to boys. Excess weight was observed in 24.5% of adolescents, and boys showed a higher prevalence than females (p = 0.032. More than a third of adolescents surveyed fit the condition of health risk for WC, with no differences between the genders (p = 0.124. Excess body fat was detected in 46.0% of adolescents; this outcome was more prevalent in females (p = 0.041. High central adiposity was more prevalent in males (p = 0.005. The findings of this study indicated that different

  4. Síndrome da lipodistrofia e fatores de risco cardiovasculares em crianças e adolescentes infectados pelo HIV/AIDS em uso de terapia antirretroviral de alta potência

    OpenAIRE

    2010-01-01

    OBJETIVO: Descrever o perfil lipídico, alterações da conformação corporal e fatores de risco cardiovasculares em crianças e adolescentes infectados pelo HIV/AIDS, tratados com terapia antirretroviral de alta potência. MÉTODOS: Foram estudadas 43 crianças e adolescentes em uso dessa terapia atendidas no ambulatório de doenças infecciosas em Pediatria do Instituto Fernandes Figueira/Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro (RJ). Foram realizadas dosagens de colesterol total, lipoproteína de alta d...

  5. Epidemiologia da alergia ocular e comorbidades em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Geraldini

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: A prevalência de conjuntivite alérgica (CA não foi estabelecida. Estimativas sugerem que alergias oculares afetam de 15 a 20% da população mundial, ainda que a maioria dos estudos epidemiológicos abranjam sintomas de alergia nasal e ocular e não sejam específicos a respeito da CA. O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sintomas, comorbidades e o impacto da alergia ocular em adolescentes. MÉTODOS: Os adolescentes foram selecionados de uma amostra de escolas e preencheram, em sala de aula, um questionário previamente validado sobre os sintomas da CA. O seu diagnóstico foi considerado quando mais de três episódios de prurido ocular foram relatados nos últimos 12 meses. Sintomas relacionados, como lacrimejamento, fotofobia, sensação de corpo estranho, impacto sobre as atividades diárias e diagnóstico de conjuntivite alérgica, foram analisados. RESULTADOS: Foram obtidos questionários de 3.120 adolescentes (média de 13,3±1,1 ano. Nos últimos 12 meses, 1.592 (51% adolescentes tiveram prurido ocular. O sintoma relacionado mais frequente foi lacrimejamento (74%, seguido de fotofobia (50,1% e sensação de corpo estranho (37,1%. A prevalência de conjuntivite alérgica foi de 20,7%, afetando mais pessoas do sexo feminino do que do masculino (56,1% em comparação a 45,9%; p = 0,01. O risco de um adolescente com alergia ocular apresentar asma, rinite e eczema atópico foi (RC = 5,7; IC de 95%: 4,5 a 7,1; (RC = 3,6; IC de 95%: 3,0 a 4,3 e (RC = 2,6; IC de 95%: 2,0 a 3,5, respectivamente. Uma interferência grave nas atividades diárias foi relatada por 30,5%. CONCLUSÕES: Sintomas de alergia ocular são comuns, frequentemente relacionados a outras doenças alérgicas, e causam impacto sobre as atividades diárias de adolescentes.

  6. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos

    OpenAIRE

    Fernandez, Ana Cláudia [UNIFESP; Mello,Marco Túlio De; Tufik, Sérgio; Castro,Paula Morcelli de; Fisberg, Mauro

    2004-01-01

    O objetivo deste estudo foi verificar as influências do exercício aeróbio e anaeróbio na composição corporal de adolescentes obesos do sexo masculino. A amostra foi constituída de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, que apresentavam obesidade grave. Os voluntários foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: grupo I: exercício anaeróbio; grupo II: exercício aeróbio; e grupo III: controle. O grupo I realizou treinamento intervalado em cicloergômetro que consistiu de 12 "tiros" ...

  7. Autoestima corporal, publicaciones virtuales en las redes sociales y sexualidad en adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Montserrat Peris

    2013-08-01

    Full Text Available La adolescencia es una etapa caracterizada por la preocupación de la imagen del cuerpo, así como por el despertar sexual. Las redes sociales (RS se han convertido en el medio de vehiculizar el interés sexual del adolescente y el lugar donde más se exponen a través de las publicaciones fotográficas. Objetivos: a Analizar las diferencias de sexo y edad en autoestima corporal, en publicaciones virtuales y en estrategias de avance sexual (EAS; b Realizar análisis correlaciónales entre las variables estudiadas. Participantes: 200 adolescentes de 14 a 17 años, 98 chicos (49%, seleccionados aleatoriamente del País Vasco. Instrumentos de evaluación: Escala de Autoestima Corporal (Maganto y Kortabarria, 2011, Cuestionario de Imagen Virtual de las Redes Sociales (Maganto y Peris, 2011 y el Cuestionario de Estrategias de Avance Sexual (Román, 2009. Resultados: Se hallaron diferencias estadísticamente significativas de sexo y edad. Los chicos son superiores en autoestima corporal, publicaciones eróticas y en EAS coercitivas y de presión. Los adolescentes de 16-17 años tienen más EAS y emociones positivas ante la sexualidad. La autoestima corporal erótica y social correlaciona positivamente con las publicaciones estéticas, eróticas y con las EAS físicas y verbales. Conclusiones: Los adolescentes con alta autoestima corporal estética y erótica son los que más publicaciones eróticas realizan en las RS y los que más EAS presentan, especialmente físicas y verbales.

  8. Insatisfação Corporal e Atitudes Alimentares de Adolescentes de uma Escola Particular em um Município do Sul de Minas Gerais/Body Dissatisfaction and Eating Habits of Adolescents in a Private School in a Municipality in Southern Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Machado Krepp

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivo: Objetivou-se identificar a prevalência de atitudes alimentares inadequadas e de insatisfação com a imagem corporal de adolescentes do sexo feminino de uma escola particular, bem como analisar a possível associação entre as duas prevalências. Materiais e métodos: Aplicaram-se os questionários Eating Attitudes Test - EAT- 26 e Body Shape Questionnaire – BSQ em 59 adolescentes de 10 a 17 anos, matriculadas em um colégio particular de Maria da Fé - MG. Fez-se análise descritiva e estatística pelo teste Qui-quadrado para associação entre a presença de distorção da imagem corporal e o comportamento alimentar de risco. Resultados: 44,07% das meninas tiveram escore positivo para o EAT-26 e 71,19% apresentaram distorção da imagem corporal, sendo 35,59% com distorção leve, 20, 34% moderada e 15,25% com distorção grave. Os resultados mostraram relação estatisticamente significativa entre a distorção da imagem corporal e o risco de distúrbio alimentar, independente do nível desta distorção. Conclusão: Altos índices de atitudes alimentares inadequadas e de insatisfação com a imagem corporal foram encontrados, mostrando a necessidade de implantação de programas de educação nutricional neste colégio. Objective: The objective was to identify the prevalence of inadequate dietary attitudes and dissatisfaction with body image of female adolescents in a private school, and examine the possible association between the two prevalences. Materials and methods: the questionnaires Eating Attitudes Test - EAT-26 and Body Shape Questionnaire - BSQ were applied to 59 adolescents aged 10 to 17, enrolled in a private school in Maria da Fé - MG. There was descriptive and statistical analysis by chi-square test for association between the presence of distortion of body image andrisky eating habits. Results: 44,07% of girls had good scores for the EAT-26 and 71,19% showed distortion of body image, and 35,59% showed mild

  9. Limiar anaeróbico ventilatório em adolescentes brasileiros de ambos os sexos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamilla Bolonha Gomes

    2013-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de comparar as respostas cardiorrespiratórias no limiar anaeróbico ventilatório (LAV em relação ao gênero, faixa etária e dados publicados na literatura, foram avaliados 289 adolescentes, de ambos os sexos, entre 10 e 14 anos. Foi realizado um teste cardiopulmonar, utilizando o protocolo de rampa em esteira ergométrica. O LAV foi identificado pelos métodos do V-slope e/ou do equivalente ventilatório de oxigênio. Os resultados mostraram que o consumo de oxigênio (VO2 LAV absoluto foi maior nos meninos aos 13 e 14 anos; o VO2 LAV relativo ao peso corporal foi diferente entre os gêneros apenas aos 14 anos, sendo maior nos meninos. Conclui-se que há perda da aptidão física aeróbica dos adolescentes, de ambos os sexos, a partir dos 12 anos, com valores inferiores comparados à literatura.

  10. Desempenho em teste cardiopulmonar de adolescentes: peso normal e excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamilla Bolonha Gomes

    2014-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Sabe-se que o excesso de peso interfere no desempenho físico do cotidiano do adolescente e, consequentemente, na aptidão física e na capacidade cardiorrespiratória. OBJETIVO: O estudo objetivou identificar e comparar os valores das variáveis cardiorrespiratórias no limiar anaeróbico ventilatório (LAV de adolescentes com peso normal e excesso de peso. MÉTODOS: A amostra foi composta por 140 adolescentes de ambos os sexos entre 10 e 14 anos, escolares do município de Vitória, ES, Brasil. Foram mensuradas massa corporal e estatura para cálculo do índice de massa corporal (IMC. Os adolescentes foram divididos em grupo peso normal (GPN e grupo excesso de peso (GEP, realizaram um eletrocardiograma de repouso e um teste cardiopulmonar de exercício em esteira ergométrica (Inbrasport Super ATL utilizando o ergoespirômetro MedGraphics Corporation e o protocolo de rampa. O LAV foi identificado pelo método V-slope e/ou equivalente ventilatório de oxigênio (VE/VO2. Foram analisadas as seguintes variáveis no LAV: consumo de oxigênio (VO2LAV ml.kg-1.min-1, frequência cardíaca (FCLAV bpm, percentuais do consumo máximo de oxigênio (%VO2máxLAV e da FC máxima (%FCmáxLAV, e velocidade (VelLAV km/h, além do consumo máximo de oxigênio (VO2máx ml.kg-1.min-1 e FC máxima (FCmáx. Foi realizado teste t de Student nas comparações entre os grupos, considerando p<0,05 para significância estatística. RESULTADOS: O GPN apresentou valores significativamente maiores no LAV para VO2 ml.kg-1.min-1 (20,0 ±6,4 vs 15,8 ±5,7 e velocidade (7,1 ±0,9km/h vs 6,2 ±1,1km/h, e para o VO2máx (44,6 ±7,6 vs 36,0 ±6,4 quando comparado ao GEP. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que adolescentes com excesso de peso apresentam prejuízo na aptidão cardiorrespiratória não somente ao nível máximo, mas também ao nível submáximo (LAV quando comparados aos adolescentes com peso normal.

  11. Padrao epidemiologico das oclusopatias muito graves em adolescentes brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Glazer Peres

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o padrão de distribuição das oclusopatias em adolescentes brasileiros e identificar fatores associados a esse agravo bucal. MÉTODOS: Foram analisados dados de 7.328 e 5.445 adolescentes de 12 e 15-19 anos, respectivamente, participantes da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal (SBBrasil 2010. O desfecho foi oclusopatia muito grave segundo o índice de estética dental. As variáveis de exposição foram sexo, cor da pele, renda familiar mensal, número de bens, aglomeração no domicílio, cárie não tratada, perda dentária, uso, frequência e motivo da consulta odontológica. Foram conduzidas análises de regressão logística considerando a complexidade do desenho amostral, com base em modelo hierarquizado. RESULTADOS: Prevalência de oclusopatia muito grave foi observada em 6,5% e 9,1% nos jovens de 12 e 15-19 anos, respectivamente. Após análise ajustada, a chance do desfecho foi 1,59 (IC95% 1,08;2,34 vez maior nos pardos e pretos em relação aos brancos e 2,66 (IC95% 1,26;5,63 vezes maior dentre aqueles com perda de pelo menos um primeiro molar aos 12 anos. Jovens de 15-19 anos cuja renda familiar mensal foi de até R$ 1.500,00 (OR 2,69 [IC95% 1,62;4,47] e aqueles que consultaram o dentista para tratamento (OR 2,59 [IC95% 2,55;4,34] apresentaram maior chance de oclusopatia muito grave quando comparados aos de maior renda e que procuraram o dentista para prevenção. CONCLUSÕES: A distribuição das oclusopatias em adolescentes brasileiros segue o padrão de iniquidade social de outros agravos à saúde. Essas informações são úteis para a formulação de critérios relacionados tanto com a distribuição e provisão de recursos quanto com as prioridades de tratamento ortodôntico fundamentados no princípio da equidade da atenção à saúde bucal.

  12. Estudio antropométrico de la forma corporal de bailarines adolescentes de ballet

    OpenAIRE

    Betancourt León, Hamlet; Aréchiga Viramontes, Julieta; Ramírez García, Carlos M.; Díaz Sánchez, María E.

    2008-01-01

    El desempeño técnico artístico de los bailarines exitosos está relacionado a tipos específicos de forma corporal. El objetivo de esta investigación es comparar la forma corporal de bailarines adolescentes de ballet en relación a ejecutantes de danza moderna y folclórica. Se estudiaron bailarines cubanos de la Escuela Nacional de Ballet y de la Escuela de Danza Moderna y Folclórica, con edades comprendidas entre los 15 y 18 años. Se aplicó un protocolo antropométrico de 10 mediciones...

  13. ESTUDIO ANTROPOMETRICO DE LA FORMA CORPORAL DE BAILARINES ADOLESCENTES DE BALLET

    OpenAIRE

    Hamlet Betancourt León; Julieta Aréchiga Viramontes; Ramírez García, Carlos M.; Díaz Sánchez, María E.

    2008-01-01

    El desempeño técnico artístico de los bailarines exitosos está relacionado a tipos específicos de forma corporal. El objetivo de esta investigación es comparar la forma corporal de bailarines adolescentes de ballet en relación a ejecutantes de danza moderna y folclórica. Se estudiaron bailarines cubanos de la Escuela Nacional de Ballet y de la Escuela de Danza Moderna y Folclórica, con edades comprendidas entre los 15 y 18 años. Se aplicó un protocolo antropométrico de 10 mediciones para esti...

  14. Consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARVALHO Cecilia Maria Resende Gonçalves de

    2001-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar o consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, realizou-se estudo transversal através de amostragem sistemática. A freqüência de consumo de alimentos expressa em dias por semana foi obtida mediante questionário administrado individualmente ao aluno. O estado nutricional foi avaliado pelo Índice de Massa Corporal, considerando com sobrepeso valores > ou = P85. Os resultados indicam prevalência elevada de risco para o sobrepeso (19,8% nos 334 adolescentes. Os meninos consumiram com maior freqüência alimentos energéticos (milho, manteiga, pizza, lasanha, sucos industrializados, refrigerantes e construtores (frango, ovos, leguminosas em relação às meninas (p < 0,05. Os adolescentes de 10 a 13 anos consumiram com maior freqüência milho, mel, açúcar, rapadura enquanto aqueles com idade entre 17 e 19 anos consumiram mais arroz, bolos, biscoitos, rosca, balas, goma de mascar, refrigerantes, frutas verde-amarelo.

  15. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  16. Excesso de peso em adolescentes: explorando potenciais fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jucemar Benedet

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de excesso de peso e identificar associações com fatores sociodemográficos, biológicos e de estilo de vida em adolescentes de Florianópolis, Santa Catarina. MÉTODOS: Estudo transversal, conduzido em 2007, com amostra probabilística de 1.590 escolares de 11 a 14 anos. Estimou-se a prevalência do excesso de peso, com base no índice de massa corpórea, por meio da referência brasileira e da International Obesity Task Force (IOTF. Análises multivariadas expressas como razão de chance foram usadas para identificar associações com fatores sociodemográficos, biológicos e de estilo de vida dos adolescentes. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi de 19,3% (24,5% de meninos e 14,5% de meninas, pela referência IOTF, e de 25,8% (31,8% de meninos e 20,5% de meninas, pelo critério brasileiro. Entre os adolescentes do sexo masculino, o excesso de peso associou-se positivamente com a não realização de refeições estruturadas e com o deslocamento não ativo para a escola. Entre as meninas, o excesso de peso materno, a não realização de refeições estruturadas e diferenças interestágios de maturação sexual compuseram o elenco dos fatores associados ao excesso de peso. CONCLUSÕES: A realização de refeições com alimentos de alto valor nutricional apresentou-se como um fator de proteção para o excesso de peso entre os adolescentes. Essa constatação reforça a necessidade de ações com vistas a modificar comportamentos relacionados ao ambiente familiar, incentivando a incorporação de hábitos alimentares saudáveis e o lazer ativo.

  17. Fatores associados à gravidez em adolescentes brasileiros de baixa renda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eva Diniz

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar as características associadas à gravidez durante a adolescência em uma população de adolescentes brasileiros de baixa renda (N = 452 com experiência de gravidez (n = 226 e sem esta experiência (n = 226. A média de idade dos participantes foi de 16,86 anos (DP = 1,35 e 64% eram do sexo feminino. Os resultados da análise multivariada revelaram que a gravidez durante a adolescência se associou a: morar com o companheiro, utilização da pílula, menor idade para iniciação sexual, consumo de bebida alcoólica, e menor divisão das tarefas domésticas na família. A gravidez durante a adolescência tende a surgir perante um conjunto de variáveis que expressam a vulnerabilidade do contexto desenvolvimental do(a adolescente. Essa poderá ser uma importante informação para intervenções dirigidas para esta população, assim como para trabalhos de prevenção de gravidez durante a adolescência.

  18. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos Influencia del entrenamiento aeróbico y anaeróbico en la masa grasa corporal de adolescentes obesos Influence of the aerobic and anaerobic training on the body fat mass in obese adolescents

    OpenAIRE

    2004-01-01

    O objetivo deste estudo foi verificar as influências do exercício aeróbio e anaeróbio na composição corporal de adolescentes obesos do sexo masculino. A amostra foi constituída de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, que apresentavam obesidade grave. Os voluntários foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: grupo I: exercício anaeróbio; grupo II: exercício aeróbio; e grupo III: controle. O grupo I realizou treinamento intervalado em cicloergômetro que consistiu de 12 "tiros" ...

  19. Imagem corporal de adolescentes: um estudo sobre as relações de gênero e influência da mídia

    OpenAIRE

    Gonçalves, Vivianne Oliveira; Martínez, Juan Parra

    2014-01-01

    v. 17, n. 2, p. 136-156, jul./dez. 2014. O objetivo do estudo é conhecer as diferenças de gênero em uma amostra de adolescentes em relação à percepção da imagem corporal e percepção da influência da mídia, através de uma abordagem quantiqualitativa. Foram utilizados o Body Shape Questionnaire (BSQ), o Cuestionario de Influencias del Modelo Estético Corporal (CIMEC-26) e o grupo de discussão como técnica de coleta de dados. Os resultados indicam a existência de uma maior insatis...

  20. Contagem de carboidratos, estado nutricional e perfil metabólico em adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 = Carbohydrate counting, nutritional status and metabolic profile of adolescents with type 1 diabetes mellitus

    OpenAIRE

    Albuquerque, Izabela Zibetti de

    2014-01-01

    Objetivos: Avaliar o efeito de um programa de contagem de carboidratos sobre parâmetros antropométricos, de composição corporal, bioquímicos e de consumo alimentar em adolescentes com diabetes mellitus tipo 1 em uso de insulina Métodos: Ensaio clínico randomizado que incluiu adolescentes entre 10 e 19 anos, em tratamento para diabetes mellitus tipo 1 com associação de insulinas de ação rápida (regular) e intermediária (Neutral Protamine Hagedorn). Os participantes receberam orientação nutr...

  1. Caracterização do abuso sexual em crianças e adolescentes notificado em um Programa Sentinela

    OpenAIRE

    Baptista,Rosilene Santos; França,Inácia Sátiro Xavier de; Costa,Carlione Moneta Pontes da; Brito,Virgínia Rossana de Sousa

    2008-01-01

    OBJETIVOS: Caracterizar abuso sexual em crianças e adolescentes registrados pelo Programa Sentinela em Campina Grande-PB; analisar incidência de abuso sexual; traçar perfil das crianças e adolescentes atendidas nesse programa; identificar principais abusadores e incidência desse abuso no ambiente intra e extrafamiliar. MÉTODOS: Estudo descritivo-exploratório. Coletaram-se dados nos prontuários de 60 crianças e adolescentes. Os dados foram tratados estatisticamente. RESULTADOS: Aconteceram 23 ...

  2. Condiloma Acuminado em Crianças e Adolescentes

    OpenAIRE

    Rehme,Marta Francis Benevides; Carvalho,Newton Sérgio de; Ihlenfeld,Mauro Fernando Kürten; Chuery,Ana Carolina Silva

    1998-01-01

    Objetivo: analisar os fatores epidemiológicos, manifestações clínicas e forma de tratamento da infecção pelo papilomavírus. Métodos: todos os casos de condiloma acuminado em crianças e adolescentes atendidas no período de 1990 a 1995 no Ambulatório de Ginecologia Infanto-Puberal foram revisados, tendo sido coletados dados referentes a idade, manifestações clínicas, local das lesões, formas de transmissão e tratamento. Resultados: entre os 18 casos estudados, a média de idade foi de 6 anos e 1...

  3. Autoestima corporal, publicaciones virtuales en las redes sociales y sexualidad en adolescentes

    OpenAIRE

    Montserrat Peris; Carmen Maganto; Lorea Kortabarria

    2013-01-01

    La adolescencia es una etapa caracterizada por la preocupación de la imagen del cuerpo, así como por el despertar sexual. Las redes sociales (RS) se han convertido en el medio de vehiculizar el interés sexual del adolescente y el lugar donde más se exponen a través de las publicaciones fotográficas. Objetivos: a) Analizar las diferencias de sexo y edad en autoestima corporal, en publicaciones virtuales y en estrategias de avance sexual (EAS); b) Realizar análisis correlaciónales entre las var...

  4. Índice de massa corpórea, sobrepeso e pressão arterial em escolares na província de Limpopo, África do Sul Índice de masa corporal, sobrepeso y presión arterial en adolescentes de la província de limpopo, Sudáfrica Body mass index, overweight, and blood pressure among adolescent schoolchildren in Limpopo province, South Africa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Violet Kankane Moselakgomo

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a relação entre índice de massa corporal, sobrepeso e pressão arterial em crianças e adolescentes da área rural da África do Sul. MÉTODOS: A amostra abrangeu 1.172 escolares (541 meninos e 631 meninas com idades entre 10 e 16 anos. Estatura, massa corporal e dobras cutâneas foram medidas por meio de procedimentos padrão. O sobrepeso foi definido pelo índice de massa corporal para idade e sexo. A pressão arterial foi monitorada três vezes em cada criança com o uso de aparelhos eletrônicos validados (Omron HEM-705 CP, Omron, Tóquio, Japão. A hipertensão foi determinada como a média de três leituras da pressão arterial, em que a sistólica ou a diastólica foi igual ou acima do percentil 90 para idade e sexo. Estatísticas descritivas foram calculadas para todas as variáveis. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso foi de 5,5% para meninos e 4,4% para meninas. A taxa de crianças com pressão arterial acima do percentil 90 variou de 2,3 a 5,9%. A probabilidade do desenvolvimento de hipertensão em crianças é perceptível aos dez anos, tanto para os meninos (0,2% quanto para as meninas (0,1%, e oscilou de 0,2 a 1,7% para o sexo masculino e de 0,1 a 1,2% para o feminino. Considerando-se a amostra total, a prevalência de hipertensão foi de 4,1% para os meninos e 2,8% para as meninas. A pressão arterial apresentou correlação positiva com estatura, massa corporal, índice de massa corporal, gordura corpórea e soma das dobras cutâneas (pOBJETIVO: Este estudio evalúa la relación entre índice de masa corporal, sobrepeso y presión arterial en adolescentes rurales sudafricanos. MÉTODOS: La muestra incluyó a 1.172 niños de 10-16 años de edad (541 del sexo masculino y 631 del sexo femenino. La estatura, la masa corporal y los pliegues cutáneos se midieron utilizando procedimientos estándares. El sobrepeso se definió según el índice de masa corporal para sexo y edad. Se monitorizó la presi

  5. Bullying e autoestima em adolescentes de escolas públicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila C. Brito

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: realizar diagnóstico situacional do bullying e autoestima em unidades municipais de ensino, por meio de estimativa da prevalência do bullying, segundo o sexo, faixa etária e situação do ator; identificar o nível de autoestima dos escolares segundo sexo e situação do ator e correlacionar com o envolvimento em situações de bullying. MÉTODOS: estudo transversal, realizado com 237 alunos, do 9º ano do ensino fundamental, em escolas públicas municipais do Programa Saúde na Escola de Olinda (PE. Foi utilizado um questionário dividido em três blocos, um sociodemográfico, outro sobre bullying, validado por Freire, Veiga e Ferreira, e um para avaliar a autoestima, de Rosenberg. RESULTADOS: a prevalência de bullying foi de 67.5%. A população do estudo foi composta por adolescentes do sexo feminino (56,4%, na faixa etária de 15-19 anos (51,3%, de raça/cor preta (69,1%. Grande parte mora com quatro ou mais pessoas (79,7%, em casa própria (83,8% e com cinco ou mais cômodos na residência (79,1%. Presenciar ou sofrer bullying foram às situações mais registradas (59,9% e 48,9%, respectivamente; Quando se associou os papéis de bullying e autoestima em relação ao sexo verificou-se que no grupo de vítimas/agressores e agressores (p = 0,006 e 0,044; respectivamente, o sexo masculino apresentou escores de autoestima superiores estatisticamente significativos em relação aos do sexo feminino. CONCLUSÃO: os achados apontam para um número grande de alunos envolvidos nos diversos papéis do bullying, identificando-se associação entre estas características e o sexo/gênero e autoestima dos envolvidos. Identifica-se a necessidade de estudos adicionais sobre a natureza do evento.

  6. Traumatismos raquimedulares penetrantes em adolescentes Traumatismos raquimedulares penetrantes en adolescentes Penetrating spinal cord injuries in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Campos Moraes Amato

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a conduta em uma série de adolescentes com traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp e, confrontando com a literatura, estabelecer a melhor estratégia terapêutica para esses pacientes. MÉTODOS: avaliação retrospectiva de prontuários médicos de dez pacientes, nove do sexo masculino e um do feminino, com TRMp e menores de 18 anos, tratados à nível hospitalar. Analisou-se a anamnese, o exame neurológico e os exames de imagem. A conduta terapêutica variou entre cirurgia ou conservador. RESULTADOS: a média de idade foi de 16 anos (13 a 18 anos. A mediana de hospitalização inicial foi de 11 dias (4 a 180 dias. Quatro pacientes foram submetidos à laminectomia, um ao desbridamento da lesão e os demais a tratamento conservador. Só um paciente, foi submetido à laminectomia, que migrou para Frankel E. Nenhum paciente apresentou infecção da ferida ou instabilidade tardia da coluna vertebral. CONCLUSÃO: as lesões medulares secundárias desempenham pouca importância no resultado neurológico, o que leva à definição clínica do quadro na admissão hospitalar da maioria dos casos. Houve uma nítida predominância de TRMp em adolescentes do sexo masculino. Não ocorreu diferença significativa entre as condutas realizadas em relação ao resultado neurológico, à infecção e instabilidade. O tratamento deve ser individualizado, não negligenciando o tratamento clínico e considerando a cirurgia apenas em casos específicos.OBJETIVO: analizar la conducta en una serie de adolescentes con traumatismos raquimedulares penetrantes (TRMp y confrontar con la literatura, además de establecer la mejor estrategia terapéutica para eses pacientes. MÉTODOS: evaluación retrospectiva de historias clínicas de diez pacientes, nueve masculinos y un femenino de TRMp menores de 18 años, tratados a nivel hospitalar. Se analizó la anamnesis, el examen neurológico y los exámenes de imagen. La conducta terapéutica vari

  7. Relación entre imagen corporal y autoconcepto físico en mujeres adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan-Gregorio Fernández-Bustos

    2015-01-01

    Full Text Available El presente estudio examina las diferencias existentes entre los distintos subdominios del autoconcepto físico, en función de la insatisfacción corporal y el índice de masa corporal (IMC. Participaron 447 mujeres adolescentes españolas entre 12 y 17 años de edad, a las que se aplicó el Cuestionario de Autoconcepto Físico (CAF, el instrumento Body Shape Questionnaire (BSQ y la Escala de Evaluación de la Imagen Corporal de Gardner, además de recopilarse datos antropométricos para calcular su IMC. Los resultados informan de que una mayor insatisfacción corporal y un IMC más alto se relacionan con peores percepciones físicas, especialmente en relación con el atractivo, y con un autoconcepto más devaluado. Como conclusión, se destaca la importancia de una imagen corporal saludable en la configuración del autoconcepto físico y general de la mujer adolescent

  8. Células progenitoras endoteliais circulantes em crianças e adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    António Pires

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivo Investigar a relação entre os números de células progenitoras endoteliais circulantes e a ativação endotelial em uma população pediátrica com obesidade. Métodos Estudo observacional e transversal, que incluiu 120 crianças e adolescentes com obesidade primária de ambos de sexos, entre seis e 17 anos, recrutados de nossa Clínica de Riscos Cardiovasculares. O grupo de controle contou com 41 crianças e adolescentes com índice de massa corporal normal. As variáveis analisadas foram: idade, sexo, índice de massa corporal, pressão arterial sistólica e diastólica, proteína C reativa de alta sensibilidade, perfil lipídico, leptina, adiponectina, resistência à insulina para avaliação do modelo de homeostase, proteína quimiotática de monócitos-1, E-seleticna, dimetilarginina assimétrica e números de células endoteliais progenitoras circulantes. Resultados A resistência à insulina foi correlacionada à dimetilarginina assimétrica (p = 0,340; p = 0,003, que foi diretamente correlacionada, porém de forma muita amena, à E-seleticna (ρ = 0,252; p = 0,046. Não constatamos que a proteína C reativa de alta sensibilidade estivesse correlacionada a marcadores de ativação endotelial. A pressão arterial sistólica foi diretamente correlacionada ao índice de massa corporal ρ = 0,471; p < 0,001 e à resistência à insulina para avaliação do modelo de homeostase (ρ = 0,230; p = 0,012 e inversamente correlacionada à adiponectina (ρ = −0,331; p < 0,001 e à lipoproteína de alta densidade-colesterol ρ = −0,319; p < 0,001. Os números de células progenitoras endoteliais circulantes foram diretamente correlacionados, porém de forma muito amena, ao índice de massa corporal (r = 0,211; p = 0,016, à leptina (ρ = 0,245; p = 0,006, aos níveis de triglicerídeos (r = 0,241; p = 0,031 e à E-seleticna ρ = 0,297; p = 0,004. Conclusão Os números de células progenitoras endoteliais circulantes s

  9. Histórias de aborto provocado entre adolescentes em Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Dores Nunes

    2013-08-01

    Full Text Available Este artigo analisa os métodos, os percursos e as redes de apoio utilizados por adolescentes para o aborto clandestino. O estudo, transversal e descritivo, entrevistou 30 adolescentes internadas após a curetagem uterina por aborto em dois hospitais públicos de Teresina, de junho a novembro de 2011. O consentimento livre e esclarecido foi oral e as entrevistas foram gravadas após a confirmação do aborto induzido. Majoritariamente, as adolescentes tinham entre 14 e 17 anos, eram solteiras, urbanas, moravam com os pais, tinham baixa escolaridade e registravam idade gestacional de 12 semanas. O Cytotec foi usado isoladamente por 28 (94% adolescentes - de 3 a 6 comprimidos, vaginal e/ou oralmente, que procuraram o hospital após sangramento vaginal e/ou cólicas intensas. Elas compraram o Cytotec sozinhas (43%, 13 ou com ajuda de amigo ou companheiro (40%, 12, em farmácias comuns. O medicamento foi vendido pelo proprietário (45%, 13 ou pelo balconista (55%, 16, que deu as orientações de uso. O apoio para as adolescentes irem ao hospital foi dado pela mãe (40%, 12 ou por amiga (30%, 9. Houve 3 (10% complicações graves, resultando em internação de até 20 dias. O estudo demonstra a predominância do Cytotec como método abortivo entre adolescentes.

  10. Espondilite tuberculosa em adolescente Tuberculous spondylitis in teenager

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maciel Lyra Cabral

    2005-06-01

    Full Text Available Relata-se o caso de uma adolescente com tuberculose osteoarticular em coluna lombossacral, uma localização incomum. O seu diagnóstico permanece um desafio por apresentar sintomas gerais inespecíficos e lesões ósseas que podem ser confundidas com outras afecções. A doença é degenerativa e de prognóstico reservado. São discutidos aspectos clínicos, laboratoriais e de imagem, incluindo tomografia computadorizada e ressonância magnética. A reação em cadeia da polimerase, usando o marcador IS 6110 para M. tuberculosis, foi positiva, sugerindo fortemente a presença do patógeno. Este ensaio é particularmente indicado quando se exige um diagnóstico de tuberculose rápido e sensível.This article presents a case report of osteoarticular tuberculosis affecting lumbar sacral column non-typical attack. The diagnosis remains a medical challenge because the symptoms and bone lesions are not specific and can be mislead with other morbidity such as inflammatory, circulatory, metabolic, traumatic, congenital and tumoral diseases. The disease is degenerative and the prognosis not satisfactory. Besides the clinical aspects and laboratory, imaging results, including computed tomography and magnetic ressonance, are discussed. A PCR system targeting the IS 6110 of M. tuberculosis was positive, strongly suggesting the presence of this pathogen. This assay would be particularly indicated when quick and sensitive diagnosis of tuberculosis is required.

  11. Gravidez em adolescentes de uma unidade municipal de saúde em Fortaleza - Ceará

    OpenAIRE

    Conceição de Maria Arcanjo; Maria Ivoneide Veríssimo de Oliveira; Maria Gorete Andrade Bezerra

    2007-01-01

    Estudo quantitativo com objetivo de conhecer a gravidez na adolescência em unidade municipal de saúde, Fortaleza-CE. A amostra foi composta por 40 adolescentes. Como resultado, encontramos: 20% estavam entre 14 e 15 anos, 7,5% eram solteiras, 5%, casadas, 7,5% tinham união consensual; 60% tinham entre 16 e 17 anos, 5% eram solteiras, 7,5%, casadas, 47,5% tinham união consensual; 20% tinham entre 18 e 19 anos, 12,5% eram solteiras, 7,5%, casadas. E, ainda: 17,5% tiveram experiência do aborto, ...

  12. Levantamento de problemas comportamentais/emocionais em um ambulatório para adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benedita Salete Costa Lima Valverde

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar os principais problemas comportamentais e emocionais percebidos por adolescentes que frequentam um ambulatório de saúde. Participaram 320 adolescentes que não estavam em atendimento psicoterápico e que responderam, na sala de espera de um ambulatório, o Youth Self Report. O principal problema relatado foi Ansiedade/Depressão. Os meninos obtiveram escores mais altos em Problemas Sociais e mais baixos em Comportamento Delinquente; as meninas apresentaram-se com menos problemas no agrupamento Problemas Somáticos e com mais problemas em Ansiedade/Depressão. Quanto à faixa etária, observou-se que Problemas Sociais esteve associado ao início da adolescência. Quanto à incidência, menos de um quarto dos adolescentes apresentaram-se com problemas, sugerindo que a adolescência não é um período de turbulência. Observou-se que alguns adolescentes necessitam de uma avaliação mais detalhada, pois relataram comportamentos indicativos de transtornos mentais. Conclui-se a necessidade de profissionais de saúde mental integrarem a equipe de saúde que atende adolescentes.

  13. Tabagismo em adolescentes de área urbana na região Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Lessa Horta

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a prevalência e os fatores de risco para o tabagismo em uma amostra de base populacional de adolescentes residentes em área urbana. MÉTODOS: Em 1997, realizou-se um estudo transversal com uma amostragem em múltiplos estágios dos adolescentes com idade entre 12 e 18 anos completos residentes na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi definido como sendo fumante todo aquele adolescente que informou ter fumado pelo menos um cigarro por semana no último mês. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado com correção de Yates para tabelas 2X2. A regressão logística não condicional foi utilizada na análise multivariada. RESULTADOS/ CONCLUSÕES: Foram entrevistados 632 adolescentes, sendo que com outros 38 não foi possível realizar a entrevista. Na amostra estudada, 11,1% dos adolescentes eram fumantes, 6,8% eram ex-fumantes e 82,1% nunca haviam fumado regularmente. A prevalência de tabagismo foi diretamente relacionada com a idade do adolescente. Mesmo após controle para possíveis fatores de confusão, aqueles adolescentes que não estavam estudando, que eram repetentes, cujos pais estavam separados ou que relataram terem abusado de bebidas alcoólicas no último mês apresentaram uma maior razão de odds para tabagismo.

  14. Composición corporal por bioimpedancia en adolescentes jujeños

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quispe, Yolanda

    2005-01-01

    Full Text Available Debido al aumento de prevalencia de obesidad en niños y adolescentes existe un interés creciente por la evaluación de la composición corporal por distintos métodos. Uno de los más utilizados por su inocuidad, bajo costo y dificultad técnica y alta precisión y reproducibilidad es la bioimpedancia eléctrica (BI. El objetivo de este trabajo fue evaluar por BI el porcentaje de masa grasa (%MG y de masa libre de grasa (%MLG en adolescentes jujeños. Los datos provinieron de 272 estudiantes (157 mujeres y 115 varones de 12 a 16 años de edad asistentes a una escuela de un barrio periférico de San Salvador de Jujuy. La BI se midió con un analizador BF-905 (Maltron, 50kHZ y configuración tetrapolar. Las diferencias entre sexos y edades se establecieron con ANOVA. Se constataron las diferencias intersexuales esperadas, siendo el %MLG en varones mayor que en mujeres, lo contrario sucede con el %MG. No se observaron diferencias estadísticamente significativa por edad en ambos compartimentos en mujeres, mientras que en hombres la diferencia fue estadísticamente significativa entre 14 y 16 años. El %MG promedio en varones de 12 a 16 años fue el siguiente: 16.4, 15.1, 12.4, 14.2, 19.2. En mujeres fue: 22.6, 26.7, 27.1, 26.5, 29.9. No existen antecedentes de estudios similares en poblaciones de adolescentes jujeños. Generalmente se evalúa el peso corporal sin considerar sus compartimentos, modificables por factores ambientales (altura geográfica, nutrición, etc. y biológicos (étnicos, edad, sexo, etc.. La BI posibilitaría estimar fácilmente la variación intra e interpoblacional de la composición corporal y su relación con estos factores en las poblaciones jujeñas.

  15. Variancia intrapessoal da ingestao de energia e nutrientes em adolescentes: correcao de dados em estudos epidemiologicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu Verly Junior

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este artigo objetiva fornecer valores de componentes de variância intrapessoal da ingestão de energia e nutrientes que possibilita estimar a ingestão habitual em adolescentes, em inquéritos dietéticos quando há disponível somente um recordatório de 24 horas para cada indivíduo. Também será fornecido um exemplo de sua aplicação na correção da distribuição da ingestão de nutrientes proveniente de adolescentes de outro estudo. MÉTODOS: Foram utilizados recordatórios de 24 horas de 215 adolescentes do município de São Paulo. Os componentes de variância foram estimados utilizando o Software for Intake Distribution Estimation (PC-SIDE. Para cada nutriente foi construído um modelo, estratificado por sexo, que inclui o dia e o mês da coleta, e variáveis de ponderação. RESULTADOS: Os componentes de variância intrapessoal variaram de 0,55 para gordura mono-saturada (sexo feminino a 0,96 para o folato (sexo masculino. Entre os macronutrientes e energia foram observados valores mais elevados para o sexo masculino. No exemplo da aplicação do componente de variância, foi estimada a distribuição da ingestão de vitamina B6 com menos viés comparada à distribuição sem a correção. CONCLUSÃO: Estes dados podem ser utilizados na estimativa da ingestão habitual de energia e nutrientes e cálculo da prevalência de inadequação em adolescentes de populações semelhantes, quando há disponível somente um recordatório de 24 horas para cada indivíduo do estudo.

  16. Riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade Riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad Cardiovascular risks in adolescents with different degrees of obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Silvia Ferrari Lavrador

    2011-03-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Há poucos estudos sobre riscos cardiovasculares em adolescentes com diferentes graus de obesidade. OBJETIVO: Avaliar repercussões metabólicas associadas a diferentes graus de obesidade em adolescentes e seu impacto nos riscos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudo transversal com 80 adolescentes obesos, divididos em dois grupos: 22,5, denominados obesos com menor e maior grau de obesidade, respectivamente. Foram realizados exame físico e avaliação bioquímica e de composição corporal. Para a análise estatística, foram aplicados os testes t-Student e qui-quadrado, com a finalidade de comparar os dois grupos. Modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis bioquímicas e grau de obesidade. Foram desenvolvidos escores de risco para doença cardiovascular, de acordo com o número de alterações encontradas nas seguintes variáveis: glicemia de jejum, triglicérides, HDL e PA. Foram verificadas associações entre esses escores e o grau de obesidade. RESULTADOS: Os dois grupos diferiram em valores de peso, circunferência da cintura, glicemia e insulina de jejum, HOMA-IR, triglicérides, HDL, PA e medidas de composição corporal (pFUNDAMENTO: Existen pocos estudios sobre riesgos cardiovasculares en adolescentes con diferentes grados de obesidad. OBJETIVO: Evaluar repercusiones metabólicas asociadas a diferentes grados de obesidad en adolescentes y su impacto en los riesgos cardiovasculares. MÉTODOS: Estudio transversal con 80 adolescentes obesos, divididos en dos grupos: 22,5, denominados obesos con menor y mayor grado de obesidad, respectivamente. Se llevaron a cabo examen físico y evaluación bioquímica y de composición corporal. Para el análisis estadística, se aplicaron las pruebas t-Student y chi-cuadrado, con la finalidad de comparar los dos grupos. Modelo logístico múltiple se utilizó para verificar las asociaciones entre variables bioquímicas y grado de obesidad. Se

  17. Percepción de la imagen corporal en adolescentes españoles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marrodán, María D.

    2005-01-01

    Full Text Available A finales del 2003 un trabajo realizado por nuestro equipo sobre un efectivo muestral de 5921 jóvenes madrileños, puso de manifiesto que comenzaba a ser preocupante en nuestro medio, tanto la proporción de adolescentes con sobrepeso, como los que manifestaban cierto grado de malnutrición proteico-calórica (González-Montero y Marrodán 2003; Marrodán et al. 2004. Convencidos de que es fundamental identificar los factores de riesgo que conducen a tales situaciones iniciamos nuevas vías de investigación con tal propósito. En este sentido, la autopercepción de la propia imagen, así como el grado de satisfacción que el adolescente manifiesta en relación a su aspecto y morfofisiología pueden ser un determinante del riesgo a desarrollar comportamientos alimentarios inadecuados que, finalmente, desemboquen en trastornos como la anorexia o la bulimia. Con este fin, se recogió, en Institutos de Enseñanza Secundaria de Madrid, una muestra de jóvenes entre 12-16 años, período de especial sensibilidad ante la influencia de patrones comportamentales trasmitidos por los medios de comunicación. Se tomaron medidas antropométricas indicadoras de tamaño, forma y composición corporal y se valoró la percepción de la imagen mediante una adaptación de los modelos propuesto por Stuntkard y Setellard (1990 y Collins (1991. Se analizó el grado de concordancia entre los índices antropométricos y la percepción individual de la figura corporal.

  18. Baixa estatura e magreza em crianças e adolescentes com doença falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Cordovil Marques de Souza

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional antropométrico de crianças e adolescentes com doença falciforme, atendidas em um hospital de pediatria no município do Rio de Janeiro. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo transversal, com dados extraídos dos prontuários. Foram coletadas variáveis antropométricas, sociodemográficas, clínicas e hematológicas referentes à última consulta da criança no ano de 2006. RESULTADO: A amostra foi composta por 161 crianças e adolescentes. Dentre elas, 15,5% apresentaram baixa estatura (estatura/idade <-2 escore-Z, e 5,7%, magreza (índice de massa corporal/idade <-2 escore-Z. Crianças de baixo peso ao nascer e cujo responsável não vive com o companheiro apresentaram menor escore-Z para o índice altura/idade do que crianças de peso adequado ao nascimento (p=0,030 e cujo responsável vive com o companheiro (p=0,003. CONCLUSÃO: Crianças e adolescentes com doença falciforme apresentaram maior prevalência de baixa estatura e magreza em relação à população geral. Por outro lado, o baixo peso ao nascer e o fato de o responsável não viver com o companheiro foram fatores associados com a menor estatura da criança.

  19. Assistência prestada à adolescente no momento do parto em uma maternidade de alto risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Juliana Mello da Silva

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar as práticas obstétricas realizadas em adolescentes parturientes atendidas em uma maternidade de alto risco. Métodos: Estudo observacional, de corte transversal, documental e descritivo, realizado com busca em 157 prontuários de parturientes adolescentes atendidas em maternidade de alto risco em Maceió-AL, no período de janeiro a junho/2013. Avaliaram-se variáveis socioeconômicas, práticas obstétricas e clínica, sendo os resultados apresentados em frequência simples. Resultados: Entre as parturientes, a idade variou de 14 a 19 anos, e 96 (61,1% viviam em união estável. Com relação aos dados obstétricos, 125 (79,6% eram primigestas e 73 realizaram de 4 a 6 consultas de pré-natal. Em 107 (68,1% prontuários o partograma não foi encontrado. Entre os partos realizados, em 75 (47,8% os profissionais não realizaram episiotomia, em 110 (70,1% foram realizadas manobras ativas do 3º estágio e 146 (86,6% adolescentes não tiveram complicações clínicas no parto. Conclusão: Evidenciou-se que algumas práticas obstétricas preconizadas pelo Ministério da Saúde estão sendo realizadas com as parturientes adolescentes, mas não são suficientes para uma assistência de qualidade.

  20. Equilíbrio dinâmico em adolescentes com Síndrome de Down e adolescentes com desenvolvimento típico

    OpenAIRE

    Tatiane Flávia de Oliveira; José Luiz Lopes Vieira; Aurélio Izumi Grimble Gonçalves dos Santos; Victor Hugo Alves Okazaki

    2013-01-01

    O presente estudo analisou o equilíbrio dinâmico de adolescentes com síndrome de Down (SD) e adolescentes com desenvolvimento típico (DT). Participaram do estudo 14 adolescentes com SD e 22 com DT que tinham que manter o equilíbrio sobre uma plataforma instável. O equilíbrio foi analisado em condições com e sem visão, em apoio bipodal nas posições com os pés paralelos e em semi-tandem. Ambos os grupos apresentaram um desempenho inferior nas condições em que a visão foi ocluída. Porém, os adol...

  1. Sintomas de estresse pré-competitivo em atletas adolescentes de handebol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Lucia Caputo

    Full Text Available Resumo O objetivo do estudo foi determinar os sintomas de estresse pré-competitivo em atletas adolescentes de handebol. O instrumento, Lista de Sintomas de Estresse Pré-competitivo Infanto-juvenil, foi aplicado em 97 adolescentes, de ambos os sexos, 30 minutos antes do primeiro jogo de uma competição estadual. Meninos e meninas apresentaram valores médios de estresse moderado (2,6 ± 0,6 pontos e 2,7 ± 0,6 pontos, respectivamente. Foi possível concluir que a competição na fase inicial da adolescência é geradora de estresse, tanto em meninos quanto em meninas.

  2. Aspectos maturacionais e engajamento social de adolescentes em jogos recreativos

    OpenAIRE

    Rute Estanislava Tolocka; Maria Catarina Meirelles de Faria; Ademir De Marco

    2011-01-01

    O período maturacional adolescente é importante na avaliação de indicadores de saúde e desenvolvimento social. O objetivo deste estudo exploratório foi caracterizar aspectos maturacionais e verificar se existe influência destes no estabelecimento de relações sociais durante jogos recreativos. Foram observados 41 adolescentes, de ambos os sexos, de uma escola pública do estado de São Paulo. Os dados foram coletados através de ficha de saúde, diário de campo e filmagem de um evento recreativo e...

  3. Acetato de Medroxiprogesterona de Depósito como Anticoncepcional Injetável em Adolescentes

    OpenAIRE

    Campos Janette Rodrigues; Melo Victor Hugo de

    2001-01-01

    Objetivos: acompanhar a incidência de efeitos colaterais e aceitabilidade (taxa de continuidade) do acetato de medroxiprogesterona de depósito (DMPA) como contraceptivo injetável trimestral em adolescentes do nosso meio. Método: quarenta adolescentes (70% lactantes) iniciaram o uso do DMPA, tendo sido acompanhadas por uma média de 14,2 meses. As queixas espontâneas, as alterações menstruais, dados do exame físico e exames laboratoriais foram coletados e analisados pelos testes de Wilcoxon ou ...

  4. COMPOSICIÓN CORPORAL, PERFIL LIPÍDICO Y APTITUD FÍSICA EN MUJERES ADOLESCENTES EN MÉXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Aldo Hernández-Murúa

    2016-06-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación fue determinar la composición corporal, el perfil de lípidos sanguíneos y aptitud física en mujeres adolescentes con y sin sobrepeso, y correlacionar cada variable con las demás. Se consideró un diseño transversal. Participaron 38 mujeres adolescentes con edades entre 14 y 19 años. Clasificadas como normopeso (n = 21 o sobrepeso (n = 17 según la gráfica de la Organización Mundial de la Salud mediante el IMC (kg/m² en función del puntaje z para edades de 5 a 19 años (puntaje z: 0 a +1 DE = normopeso, +1 a +2 DE = sobrepeso. Se realizaron mediciones de composición corporal, perfil de lípidos sanguíneos (colesterol total, triglicéridos, cHDL, cLDL y aptitud física (VO2pico y 1RM. Los resultados muestran que las adolescentes con normopeso fueron significativamente (p < 0.05 más bajas (M ± DE en todas las variables de composición corporal que las mujeres adolescentes con sobrepeso. No se encontraron diferencias significativas en el VO2pico, 1RM ni en el perfil de lípidos sanguíneos. En conclusión, las mujeres adolescentes con sobrepeso presentan mayores niveles de composición y grasa corporal pero estos niveles superiores no parecen afectar los niveles de lípidos sanguíneos. Se encontró una asociación entre los niveles de aptitud física (VO2pico y la composición corporal (% grasa, pliegues cutáneos. Se sugieren otros estudios para buscar la asociación entre los niveles de VO2pico y grasa corporal.

  5. Consumo diário de refrigerantes, doces e frituras em adolescentes do Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta de Vargas Zanini

    2013-12-01

    Full Text Available Estudo transversal de base escolar que avaliou a prevalência e fatores associados ao consumo diário de refrigerantes, doces e frituras em adolescentes (15-20 anos da rede pública estadual de Caruaru (PE, em 2007. Para avaliar os fatores associados ao consumo diário de refrigerantes, doces e frituras, realizou-se análise multivariável e hierarquizada, por regressão de Poisson, com variáveis sociodemográficas no primeiro nível hierárquico, comportamentais no segundo e relacionadas ao padrão alimentar no terceiro. O consumo de refrigerantes, doces ou frituras em pelo menos uma vez por semana foi referido por 90,9%, 95,4% e 89,6% dos adolescentes, respectivamente. As prevalências correspondentes ao consumo diário destes alimentos foram 30,2%, 42,0% e 28,3%. O consumo diário de doces foi 21% maior entre as meninas e 25% maior entre adolescentes que consumiram arroz e feijão diariamente. Em relação às frituras, as meninas referiram um consumo 37% maior do que os meninos. Adolescentes que consumiram carnes diariamente, apresentaram um consumo diário de frituras 43% maior. O consumo de refrigerantes, doces e frituras entre os adolescentes caruaruenses mostrou-se elevado e apresentou um padrão de consumo homogêneo para a maioria das variáveis analisadas.

  6. Rede social de adolescentes em liberdade assistida na perspectiva da saúde pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Rivany Nunes

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: analisar o sentido da rede social de adolescentes que cumprem Liberdade Assistida e identificar os componentes essenciais dessa rede. Método: estudo exploratório, de abordagem qualitativa. Participaram do estudo 26 adolescentes com idade de 13 a 18 anos. Para a coleta dos dados, optou-se por entrevista semiestruturada e construção de mapas de rede. Resultados: evidenciou-se a essencialidade da rede social para os adolescentes, destacando-se a importância da família - especialmente a mãe -, e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, para promoção social e construção de um novo projeto de vida, sem envolvimento com atos infracionais. Todavia, os adolescentes não revelaram vínculos com profissionais de saúde. Conclusão: observou-se a necessidade do enfermeiro, enquanto profissional da atenção primária à saúde, atuar de forma intersetorial e interdisciplinar, no sentido de fortalecer a rede social de adolescentes em conflito com a lei.

  7. Análise da vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B em Teresina/PI

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Telma Maria Evangelista de Araújo

    2012-12-01

    Full Text Available Os adolescentes fazem parte de grupos com elevada suscetibilidade à infecção pelo vírus da hepatite B em função da adoção de comportamentos de risco. Este trabalho objetivou analisar a vulnerabilidade dos adolescentes à hepatite B. Para isso, realizou-se estudo desenvolvido por meio de inquérito epidemiológico com 196 adolescentes de 14 a 19 anos. Os resultados mostraram que 57,1% dos adolescentes já haviam iniciado a vida sexual, destes 45,5% não tinham parceiro(a estável, 54,5% pertenciam a faixa etária de 14 a 16 anos, 24,1% não usavam preservativo nas relações sexuais, 62,8% referiram não saber da transmissão do vírus da hepatite B e 61,2% não apresentavam cobertura vacinal contra este agravo. Conclui-se que os adolescentes constituem grupo vulnerável à hepatite B, devido a fatores condicionantes e determinantes, tais como desconhecimento sobre a doença, baixa cobertura vacinal, adoção de comportamento de risco e sensação de invulnerabilidade.

  8. Efeitos comportamentais e neuroquímicos agudos da cafeína em ratos adolescentes e adultos

    OpenAIRE

    Possi, Ana Paula Marques [UNESP

    2010-01-01

    A cafeína é provavelmente a substância psicoativa mais consumida no mundo. Essa substância está presente em alimentos, bebidas e medicamentos, sendo esses comercializados para indivíduos de todas as idades. Apesar disto, os efeitos da cafeína sobre os adolescentes são pouco compreendidos. Assim, o objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos psicomotores e neuroquímicos da cafeína em ratos adolescentes e adultos. Para tanto, ratos Wistar adolescentes (dia pós-natal 37 - 40) ou adulto...

  9. Estudo sobre valores em adolescentes = Study of values in adolescents = Estudio de los valores en los adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Godoy, Priscilla Brandi Gomes

    2015-01-01

    Full Text Available Os valores humanos podem ser associados ao desenvolvimento positivo de indivíduos e muitas vezes são utilizados como explicação para comportamentos e suas motivações. Com base na Teoria Funcionalista dos Valores Humanos, de Gouveia, este estudo objetivou investigar valores humanos em adolescentes, a partir de seis subfunções valorativas (existência, realização, normativa, suprapessoal, experimentação e interativa. Com uso do Questionário dos Valores Básicos, de Gouveia, Milfont, Fischer e Santos (2008, foram avaliados 453 estudantes do ensino fundamental II e médio, ambos os sexos, idades na média de 14,9 anos, em seis escolas da Baixada Santista (SP. As análises descritiva e inferencial indicaram resultados com predomínio da subfunção existência na amostra geral, com diferenças significativas para maiores médias em meninas e em escolas públicas. Os valores da subfunção existência têm sido relacionados a comportamentos positivos no âmbito social e podem ser considerados como reflexo do ensinado e vivenciado na escola, família e sociedade

  10. Vulnerabilidade de adolescentes escolares às DST/HIV, em Imperatriz - Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Pereira de Jesus Costa

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi investigar a vulnerabilidade de adolescentes escolares em relação às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST e ao Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV, identificando os principais comportamentos de risco e de prevenção. Estudo transversal, quantitativo, realizado em três escolas públicas estaduais de Imperatriz, MA, com 295 adolescentes, por meio da aplicação de questionário estruturado. Os resultados apontam que: a maioria dos jovens (86,3% que usaram preservativo na última relação sexual habitualmente mantém essa prática; 82,8% dos adolescentes que compreendem o conceito de HIV se protegem contra essa infecção e acreditam que a principal forma de contaminação é por via sexual, por via sanguínea ou através da barreira placentária. Conclui-se que a maioria dos adolescentes participantes apresentou conhecimento coerente sobre práticas sexuais e comportamentos de risco, que os tornam vulneráveis às DSTs e ao HIV, apresentando aspecto positivo para a prevenção destas doenças.

  11. Fobia social em uma amostra de adolescentes Social phobia in a sample of adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo J. Fonseca D'El Rey

    2006-04-01

    Full Text Available Este estudo relata a prevalência e o impacto na escolaridade da fobia social em uma amostra de adolescentes da cidade de São Paulo, SP, Brasil. O Inventário de Fobia Social (SPIN foi administrado em 116 estudantes adolescentes de 5ª, 6ª, 7ª e 8ª séries de ambos os sexos. A prevalência da fobia social foi de 7,8% na amostra de adolescentes, com maior incidência entre estudantes do sexo feminino, com idade entre 12 e 15. O impacto negativo na escolaridade foi grande, aproximadamente 89% dos adolescentes com fobia social repetiram o ano na escola ao menos uma vez.This study reports the prevalence and the impact in the education of social phobia in a sample of adolescents of the city of São Paulo, SP, Brazil. The Social Phobia Inventory (SPIN was administrated to 116 students of 5th, 6th, 7th and 8th grades of both sexes. The prevalence of the social phobia was 7.8% in the sample of adolescents, with higher incidence among female students, between 12 and 15 years old. The negative impact on the education was great, approximately 89% of the adolescents with social phobia repeated the year in the school at least one time.

  12. Alta prevalência de sedentarismo em adolescentes que vivem com HIV/Aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luana Fiengo Tanaka

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Verificar a prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids e seus fatores associados.Métodos:Foram entrevistados 91 adolescentes de 10 a 19 anos, com HIV/Aids, em acompanhamento em uma unidade de infectologia universitária. Foram coletados dados antropométricos (peso, altura e circunferência da cintura em duplicata, informações clínicas foram obtidas nos prontuários médicos e a prática de atividade física habitual foi medida por meio do questionário proposto por Florindo et al. O ponto de corte para sedentarismo foi de 300 minutos/semana.Resultados:As prevalências de altura inadequada para idade, desnutrição e sobrepeso/obesidade foram de 15,4%, 9,9% e 12,1%, respectivamente. As atividades físicas mais citadas foram: futebol (44,4%, voleibol (14,4% e andar de bicicleta (7,8%. Os tempos medianos dispendidos com a prática de atividade física e caminhando/andando de bicicleta até a escola foram de 141 minutos e 39 minutos, respectivamente. A maioria dos adolescentes (71,4% era sedentária, proporção maior entre as meninas (p=0,046.Conclusões:Foi observada alta prevalência de sedentarismo entre adolescentes com HIV/Aids, prevalência essa semelhante àquela observada na população geral. Promover a prática de atividade física entre adolescentes - especialmente entre meninas - com HIV/Aids, assim como monitorá-la, deve fazer parte da rotina de acompanhamento desses pacientes.

  13. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes de área urbana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Klee Oehlschlaeger

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes residentes em uma área urbana. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em uma amostra representativa de 960 adolescentes com idades entre 15 e 18 anos, em 2002, em Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de um questionário anônimo e auto-aplicado. Foi definindo como sedentário o adolescente que participava de atividades físicas por um tempo menor do que 20 minutos diários e uma freqüência menor do que três vezes por semana. Variáveis sociodemográficas e comportamentais foram avaliadas. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado, e para a análise multivariada, a regressão de Poisson com ajuste robusto para as variâncias. Foi feito controle para efeito de delineamento. RESULTADOS: Foram entrevistados 960 adolescentes, dos quais 39% foram considerados sedentários. As meninas foram mais sedentárias do que os meninos, 2,45 (IC 95% 2,06-2,92. Os adolescentes das classes sociais mais baixas foram mais sedentários, 1,35 (IC 95% 1,06-1,72. Escolaridade inferior a quatro anos de estudo do adolescente 1,30 (IC 95% 1,01-1,68 e da mãe 1,75 (IC 95% 1,31-2,23 apresentaram maior risco para o sedentarismo. Após controle para possíveis fatores de confusão, mostrou-se também positiva a associação entre o sedentarismo e a presença de transtornos psiquiátricos menores e relação inversa, fator de proteção para os sexualmente ativos 0,84 (IC 95% 0,71-0,99. CONCLUSÕES: Ser do sexo feminino, pertencer à classe social baixa, ter uma baixa escolaridade e ser filho de mãe com baixa escolaridade são fatores associados ao sedentarismo.

  14. Perfil antropométrico e sintomatologia anoréxica em adolescentes de escola pública Anthropometric profile and anorexia symptomatology on public school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Cristina Pasinato Vergilio

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar adolescentes com presença de sintomas de anorexia nervosa e distorção de imagem corporal em uma escola pública. A amostra compreendeu 58 adolescentes de ambos os sexos de 14 a 18 anos de idade. A avaliação do estado nutricional foi realizada por meio do Índice de Massa Corporal (IMC. Para a verificação de sintomas de anorexia nervosa e distorção de imagem corporal foram utilizados os questionários Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26 e Body Shape Questionnaire (BSQ, respectivamente. De acordo com a avaliação do estado nutricional, 74,14% foram classificados com peso adequado. A análise do questionário BSQ mostrou que 24,24 e 4,00% dos adolescentes do sexo feminino e masculino, respectivamente, apresentaram distúrbio de imagem corporal. Segundo o EAT-26, 9,09% do sexo feminino e 8,00% do sexo masculino, respectivamente, classificaram-se com sintomas de anorexia. Observou-se, ainda, que 80,00% dos entrevistados, além de serem portadores de sintomatologia anoréxica, também apresentaram distúrbio de imagem corporal, sendo esta correlação estatisticamente significativa. Os resultados obtidos demonstraram presença de sintomatologia anoréxica, bem como significativa presença de distorção da imagem corporal, sendo as adolescentes as principais acometidas.Identify adolescents with a presence of symptoms of anorexia nervosa and body image distortion at a public school. The sample included 58 adolescents of both sexes, 14 to 18 years old. The nutritional status assessment was performed using the Body Mass Index (BMI. To investigate symptoms of anorexia nervosa and body image distortion, the Eating Attitudes Test (EAT-26 and Body Shape Questionnaire (BSQ were used, respectively. According to the nutritional status assessment, 74.14% were classified as having normal weight. The analysis of the BSQ showed that 24.24 and 4.00% of adolescent females and males had body image disturbance

  15. Composição corpórea, alterações bioquímicas e clínicas de adolescentes com excesso de adiposidade Composición corporal, alteraciones bioquímicas y clínicas de adolescentes con exceso de adiposidad Body composition, biochemical and clinical changes of adolescents with excessive adiposity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiara Miguel Stanciola Serrano

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Adolescentes com excesso de adiposidade e eutróficas apresentam as mesmas alterações metabólicas esperadas em indivíduos obesos. OBJETIVO: Avaliar a composição corpórea, alterações antropométricas, bioquímicas e clínicas de adolescentes do sexo feminino. MÉTODOS: Foram avaliadas 113 adolescentes de escolas públicas de Viçosa, MG, divididas em três grupos: grupo 1 - constituído por adolescentes eutróficas com excesso de gordura corpórea; grupo 2 - eutróficas com gordura corpórea dentro dos limites de normalidade; e grupo 3 - com excesso de peso e de gordura corpórea. Peso, estatura, circunferência da cintura e quadril, pressão arterial foram aferidos. O índice de massa corporal (IMC e a relação cintura-quadril foram calculados. O porcentual de gordura corpórea foi obtido pela impedância bioelétrica horizontal, seguindo protocolo próprio para a referida avaliação. A avaliação do porcentual de gordura corpórea e bioquímica foi realizada após 12 horas de jejum, sendo analisados perfil lipídico, glicemia e insulina, homocisteína, leptina e Proteína C Reativa. A resistência à insulina foi calculada pelo índice HOMA. RESULTADOS: O grupo das adolescentes eutróficas, com elevada adiposidade, comportou-se, em relação à pressão arterial, fração HDL e glicemia, de modo semelhante às adolescentes com excesso de peso. Pode-se perceber que o índice HOMA, a insulina e a leptina aumentaram de acordo com o aumento da gordura corpórea. Mais da metade das adolescentes apresentava valores de colesterol total e PCR acima dos níveis recomendados. A alteração metabólica mais evidente relacionou-se ao perfil lipídico para os grupos estudados. CONCLUSÃO: O excesso de adiposidade em adolescentes eutróficas pode estar relacionado a alterações bioquímicas e clínicas semelhantes àquelas encontradas em adolescentes com excesso de peso.FUNDAMENTO: Adolescentes con exceso de adiposidad y eutr

  16. Associação entre medidas antropométricas e fatores de risco cardiovascular em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Miria Suzana Burgos

    2013-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade tem sido identificada como importante fator de risco no desenvolvimento de doenças cardiovasculares, porém outros fatores exercem influência, combinados ou não à obesidade, e devem ser considerados na estratificação de risco cardiovascular em pediatria. OBJETIVO: Analisar a associação entre medidas antropométricas e fatores de risco cardiovascular, investigar os determinantes para as mudanças da pressão arterial (PA e propor uma equação de predição para circunferência de cintura (CC em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliadas 1.950 crianças e adolescentes, com idade entre 7-18 anos. Foi investigada a gordura visceral pela CC e a relação cintura-quadril, PA e índice de massa corporal (IMC. Em uma subamostra selecionada aleatoriamente desses voluntários (n = 578, foram medidos o colesterol total, a glicemia e os triglicerídeos. RESULTADOS: A CC se correlacionou positivamente com o IMC (r = 0,85; p < 0,001 e a PA (PAS r = 0,45 e PAD = 0,37; p < 0,001. A glicemia e os triglicerídeos apresentaram correlação fraca com a CC (r = 0,110; p = 0,008 e r = 0,201; p < 0,001, respectivamente. O colesterol total não se correlacionou com nenhuma variável. Idade, IMC e CC foram preditores significativos nos modelos de regressão para PA (p < 0,001. Propõe-se uma equação de predição da CC para crianças e adolescentes: meninos: y = 17,243 + 0,316 (altura em cm; meninas: y = 25,197 + 0,256 (altura em cm. CONCLUSÃO: A CC está associada com fatores de risco cardiovascular e apresenta-se como fator preditor de risco para hipertensão em crianças e adolescentes. A equação de predição para CC proposta em nosso estudo deve ser testada em futuros trabalhos.

  17. Resiliência em Adolescentes em Situação de Vulnerabilidade Social / Adolescent Resilience in Socially Vulnerable Situations

    OpenAIRE

    Karla Rafaela Haack; Josinéia dos Santos de Lemos Vasconcellos; Sílvia Dutra Pinheiro; Faccat; Laíssa Eschiletti Prati

    2012-01-01

    O estudo da resiliência é um fenômeno ainda novo nas ciências humanas e na saúde. Nestas áreas, o fenômeno é entendido pela capacidade de recuperar-se positivamente de situações adversas. O presente artigo caracteriza a resiliência em adolescentes em situação de vulnerabilidade social do Vale do Paranhana, RS. Para tanto, utilizou-se a Escala de Resiliência numa amostra de 35 adolescentes com idade entre 12 e 15 anos. Além da análise geral da escala foram verificadas diferenças entre quinze a...

  18. Melanoma epitelióide de coróide em adolescente: relato de caso

    OpenAIRE

    Araújo Ângelo Augusto; Fontes Anselmo Mariano; Araújo Neta Vitalina Martins de; C. Junior José Fernando; Góis Max Rollemberg

    2004-01-01

    O melanoma maligno de úvea é uma doença muito rara antes dos 30 anos de idade. Este é um relato de um caso de melanoma epitelióide de coróide em adolescente de 12 anos cujo diagnóstico presuntivo foi realizado por exame clínico, ressonância e ultra-sonografia sendo confirmado por meio de exame anatomopatológico.

  19. Violência sexual e sua prevalência em adolescentes de Porto Alegre, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Polanczyk Guilherme Vanoni

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da exposição à violência sexual entre adolescentes estudantes de escolas estaduais. MÉTODOS: Foram selecionadas 52 escolas estaduais de Porto Alegre, RS, Brasil, com ensino fundamental completo, por meio de um processo de amostragem aleatória, estratificada de acordo com o tamanho das escolas. Foi selecionada, em cada escola, uma turma de oitava série por sorteio aleatório e foram incluídos todos os adolescentes presentes nas salas de aula que consentiram em participar do estudo. Foi utilizado o instrumento Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade para identificar jovens que foram vítimas, testemunhas ou que conheciam vítimas de atos de violência sexual. RESULTADOS: Foram incluídos 1.193 adolescentes, representando 10,3% dos alunos matriculados na oitava série da rede estadual da cidade. Vinte e sete (2,3% adolescentes relataram ter sido vítimas de violência sexual, 54 (4,5% ter sido testemunhas de algum tipo de violência sexual e 332 (27,9% relataram conhecer alguém que tenha sido vítima de violência sexual. CONCLUSÕES: A exposição à violência sexual pelas três formas de contato relatadas mostrou-se freqüente entre os adolescentes estudados. São necessários estudos que abordem a violência sexual como um fenômeno social amplo, com múltiplos fatores associados, amparando estratégias comunitárias de prevenção e de tratamento.

  20. A resilencia e a imagem corporal de adolescentes e adultos com mielomeningocele

    OpenAIRE

    Renata Lobo Catusso

    2007-01-01

    Resumo: O contato com o próprio corpo e com o mundo, experimentado por crianças com mielomeningocele (MM) apresenta características bem diferentes do habitual em decorrência principalmente dos déficits motores e sensitivos e do estigma de sua deficiência física. A resiliência é uma capacidade universal que permite a uma pessoa, grupo ou comunidade prevenir, minimizar ou ajustar-se aos efeitos das adversidades. O objetivo dessa pesquisa foi refletir sobre a resiliência e a imagem corporal de a...

  1. Fenomenologia das motivações do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Clara Jost

    Full Text Available Este trabalho visa a avaliar as motivações mobilizadoras do comportamento do adolescente em conflito com a lei, adotando o conceito interativo do ato infracional. Entrevistas, individuais e semi-estruturadas, foram realizadas com adolescentes do sexo masculino, privados de liberdade. Os conteúdos obtidos foram organizados em núcleos temáticos, analisados fenomenologicamente e articulados às motivações subjacentes. Os resultados revelaram uma ambivalência vivencial que corrompe as subjetividades e fragmenta os relacionamentos intersubjetivos, forjando angústia existencial. Essa angústia se expressa em ações contra si mesmo e a sociedade. Pontua-se a necessidade de intervenções psicossociais que considerem o problema não somente a partir dos determinismos simbólicos e culturais que o engendram, mas que também incluam a busca de respostas desses adolescentes ao seu sofrimento humanístico-existencial.

  2. Expectativas e sentimentos em relação à paternidade entre adolescentes e adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Centenaro Levandowski

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi examinar eventuais semelhanças e particularidades nas expectativas e sentimentos em relação à paternidade entre adolescentes e adultos que esperavam seu primeiro filho. Participaram da pesquisa 23 futuros pais (12 adolescentes e 11 adultos, que foram entrevistados em suas residências no terceiro trimestre da gestação da companheira. As respostas foram examinadas através de análise de conteúdo qualitativa, com base em quatro categorias temáticas (relacionamento com o bebê e desempenho do papel paterno, criação do filho, cuidados do bebê e mudanças pessoais. Os resultados revelaram mais semelhanças do que particularidades entre os dois grupos. Adolescentes e adultos indicaram expectativas positivas quanto ao relacionamento com o bebê e à paternidade, apesar de certa dúvida quanto a sua capacidade para exercer o papel paterno. Estes resultados sugerem que a idade não é necessariamente um fator determinante nas expectativas e sentimentos associados à transição para a paternidade.

  3. Efeito do treinamento de força nas variáveis cardiovasculares em adolescentes com sobrepeso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Marcelo de Queiroz Miranda

    2014-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente estudo teve por objetivo avaliar as respostas agudas cardiorrespiratórias e autonômicas induzidas por uma sessão de exercício físico resistido em adolescentes com sobrepeso. MÉTODOS: Foram avaliados 17 adolescentes do sexo masculino divididos em grupo controle (GC, n=9 e grupo sobrepeso (GSO, n=7. Todos foram submetidos a uma sessão exercícios resistidos para diferentes grupos musculares, realizados com sobrecarga de 60% da força máxima, com um intervalo de 45 segundos entre as séries e 90 segundos entre cada exercício. Antes, durante e após a sessão de exercícios os seguintes parâmetros foram avaliados: frequência cardíaca (FC, pressão arterial sistólica (PAS, pressão arterial diastólica (PAD e variabilidade da frequência cardíaca (VFC. RESULTADOS: Foi observado comportamento semelhante em ambos os grupos da PAS e PAD. A PAS aumentou durante o exercício e a PAD diminuiu. Ambas retornaram aos valores basais durante a recuperação. A FC aumentou durante a sessão de exercício nos dois grupos, porém, apenas no GSO houve retorno aos valores de repouso. Os índices da VFC no domínio do tempo (VAR RR e RMSSD se comportaram de maneira semelhante frente ao exercício nos dois grupos, porém, no índice SDNN apenas o GSO retornou aos valores de repouso. A VFC no domínio da frequência apresentou comportamento semelhante em ambos os grupos. CONCLUSÕES: sugere-se que o aumento do nível de atividade física em indivíduos com sobrepeso pode prevenir as alterações autonômicas que estão associadas ao aumento do peso corporal e conferir efeito protetor ao sistema cardiovascular.

  4. Levantamento de sintomas depressivos em crianças e adolescentes com hemofilia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saint-Clair Bahls

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar, através da aplicação do questionário de auto-avaliação Children's Depression Inventory (CDI, a presença de sintomas depressivos, ideação suicida e medo da dor em crianças e adolescentes com hemofilia, comparando-os com um grupo-controle sem hemofilia. MÉTODOS: Aplicação do CDI em 40 crianças e adolescentes do sexomasculino, com idades entre 7 e 15 anos, sendo 20 com hemofilia e 20 do grupo-controle. RESULTADOS: O escore médio do CDI no grupo com hemofilia foi 11,55 ± 7,51 e no grupo-controle, 5,3 ± 2,7, diferença estatisticamente significativa (p = 0,0003. Ao aplicar o ponto de corte 13, 35% do grupo com hemofilia situou-se na faixa indicativa de sintomas depressivos clinicamente relevantes, enquanto no grupo-controle nenhum indivíduo situou-se nessa faixa, diferença que foi estatisticamente significativa (p = 0,008. Na análise da presença de ideação suicida, o índice do grupo com hemofilia foi 25% e no grupo-controle 10%, uma diferença estatisticamente considerada não-significativa. Na análise do medo de sentir dor, o índice no grupo de hemofílicos foi 85% e no grupo-controle 25%, diferença estatisticamente significativa (p = 0,0002. CONCLUSÕES: Crianças e adolescentes com hemofilia em nossa amostra clínica apresentam maiores índices de sintomas depressivos e mais medo de sentir dor do que crianças e adolescentes da população geral.

  5. Prevalência de sobrepeso em adolescentes: um estudo de base populacional em uma cidade no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem L. Dutra

    Full Text Available Avaliou-se a prevalência de sobrepeso em adolescentes e sua distribuição segundo varíaveis demográficas, sócio-econômicas, comportamentais e biológicas. Foram entrevistados 810 adolescentes entre 10 e 19 anos, residentes na zona urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O sobrepeso foi definido de acordo com a OMS (IMC > ou = Percentil 85, segundo idade e sexo conforme a população de referência do I National Health and Nutrition Examination Survey. O processo amostral foi por conglomerados e as análises bruta e ajustada (Regressão de Poisson levaram em conta o efeito de delineamento. A prevalência de sobrepeso em adolescentes foi de 19,3% (IC95%: 16,6-22,0 e não houve diferença entre os sexos. Adolescentes pertencentes aos níveis econômicos mais elevados, que realizaram dieta para emagrecer nos três meses anteriores à entrevista, que assistiam quatro horas ou mais de televisão por dia e que realizavam apenas uma ou duas refeições diárias apresentaram maior proporção de sobrepeso. Na análise ajustada, o sobrepeso nos meninos esteve diretamente associado com nível econômico e, nas meninas, com as variáveis dieta para emagrecer, número de horas diárias assistindo à televisão e inversamente associado com o número de refeições.

  6. Prevalência de sobrepeso em adolescentes: um estudo de base populacional em uma cidade no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dutra Carmem L.

    2006-01-01

    Full Text Available Avaliou-se a prevalência de sobrepeso em adolescentes e sua distribuição segundo varíaveis demográficas, sócio-econômicas, comportamentais e biológicas. Foram entrevistados 810 adolescentes entre 10 e 19 anos, residentes na zona urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. O sobrepeso foi definido de acordo com a OMS (IMC > ou = Percentil 85, segundo idade e sexo conforme a população de referência do I National Health and Nutrition Examination Survey. O processo amostral foi por conglomerados e as análises bruta e ajustada (Regressão de Poisson levaram em conta o efeito de delineamento. A prevalência de sobrepeso em adolescentes foi de 19,3% (IC95%: 16,6-22,0 e não houve diferença entre os sexos. Adolescentes pertencentes aos níveis econômicos mais elevados, que realizaram dieta para emagrecer nos três meses anteriores à entrevista, que assistiam quatro horas ou mais de televisão por dia e que realizavam apenas uma ou duas refeições diárias apresentaram maior proporção de sobrepeso. Na análise ajustada, o sobrepeso nos meninos esteve diretamente associado com nível econômico e, nas meninas, com as variáveis dieta para emagrecer, número de horas diárias assistindo à televisão e inversamente associado com o número de refeições.

  7. Exercício da sexualidade por adolescentes em ambientes de privação de liberdade The practice of sexuality by adolescents deprived of freedom

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Davis Mattar

    2008-04-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa cujo principal objetivo foi conhecer como se dá o exercício da sexualidade por parte de adolescentes privados de liberdade. Os dados foram coletados em três estados do nordeste brasileiro, que adotaram a política pública de oferecer visitas 'íntimas' aos jovens em conflito com a lei. Os resultados apresentam o perfil dos adolescentes, a vida sexual e os cuidados com a saúde antes da internação, o exercício da sexualidade no interior da instituição e, por fim, a visita íntima do ponto de vista dos entrevistados. Com base nesses dados e nos direitos dos adolescentes à autonomia; à participação; à igualdade e não discriminação, à integridade corporal e à saúde, essa política pública foi avaliada. Recomendações para aperfeiçoá-la foram tecidas, de modo a melhor atender aos direitos sexuais de jovens privados de liberdade.This article presents the results of a research whose main goal was to know how imprisoned adolescents express their sexuality. The data were collected in three Brazilian northeast states that had adopted the public policy of offering 'intimate' visits to youngsters in conflict with the law. The results present the adolescents' profile, their sexual life and health care before the imprisonment, their sexual life inside the institution and, finally, the 'intimate' visits from the youngsters' point of view. This public policy was evaluated considering both the collected data and the adolescents' rights to autonomy, participation, equality, non-discrimination, corporal integrity and health. As conclusion, recommendations were made in order to make the public policy of 'intimate' visits more adequate to attend the sexual rights of imprisoned adolescents.

  8. ÍNDICE DE MASSA CORPORAL E CIRCUNFERÊNCIA ABDOMINAL ENTRE ADOLESCENTES NO INTERIOR DO PIAUÍ, BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ionara Holanda de Moura

    2012-01-01

    Full Text Available Técnicas antropométricas, que establezcan el diagnóstico de sobrepeso/obesidad como Índice de Masa Corporal (IMC y la Circunferencia Abdominal (CA, son cada vez más importantes. El objetivo fue conocer el IMC y relaciónalo a la CA de adolescentes escolares en dos instituciones en Piauí, Brasil. Estudio descriptivo, transversal y cuantitativo, en dos escuelas públicas de Picos – PI, con 145 adolescentes de edades entre 12 y 18 años de ambos los sexos. Los datos fueron recolectados a través de formulario, de agosto a diciembre de 2010. La prevalencia de peso fue de 3,7%. El sobrepeso se asoció significativamente al aumento de la CA (<0,0001. Estos resultados enfatizan la importancia de acciones de prevención y control del exceso de peso para que la salud de adolescentes sea mantenida.

  9. O sentimento de vergonha em crianças e adolescentes com TDAH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Amaral Fernandes

    2014-06-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo compreender o julgamento do sentimento de vergonha em situações de violação às regras em crianças e adolescentes com diagnóstico de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH. As situações de violação às regras envolviam os pais, o professor e os pares. Participaram do estudo 20 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 11 e 14 anos que cursavam entre o 5º e 8º anos do Ensino Fundamental II de uma escola da rede particular de ensino e de uma instituição destinada ao diagnóstico e tratamento de crianças com queixa escolar. Os participantes foram subdivididos em dois grupos: Grupo 1 (G1 constituído por 10 crianças e adolescentes com diagnóstico de TDAH, apresentação predominantemente combinada, e o Grupo 2 (G2, formado por 10 crianças e adolescentes sem queixas comportamentais. O desenvolvimento moral e a compreensão do sentimento de vergonha foram investigados por meio de histórias hipotéticas. Em relação ao nível de desenvolvimento moral, os resultados apontaram que os participantes dos dois grupos encontram-se na autonomia moral ou em transição entre a heteronomia e autonomia, sem diferença entre eles, o que impossibilita a comparação desses dados e os voltados para a avaliação do sentimento de vergonha. Os resultados obtidos evidenciaram também diferenças entre os grupos no que se refere à compreensão do sentimento de vergonha em situações de violação às regras e também em relação aos envolvidos nas histórias (pais, professor e pares.

  10. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  11. Habilidades sociais: fator de proteção contra transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Giron Uzunian

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo O objetivo desse estudo foi revisar a literatura a cerca da relação entre transtornos alimentares e habilidades sociais em adolescentes. Pesquisou-se as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs, cruzando os descritores “transtornos alimentares”, “anorexia nervosa”, “bulimia nervosa” e “comportamento alimentar”, com os descritores “psicologia social” e “isolamento social”, e com as palavras chave “competência social”, “habilidade social” e “relação interpessoal”. Incluiu-se estudos com adolescentes, nos idiomas português, inglês e espanhol, e publicações realizadas entre os anos de 2007 a 2012. A busca resultou em 63 artigos, sendo incluídos 50 nesta revisão. A maioria dos estudos foi conduzido no Brasil e nos Estados Unidos. Do total, 43 eram artigos originais. Os estudos visavam compreender como o estado emocional poderia influenciar no estabelecimento dos transtornos alimentares, assim como as relações interpessoais e a relação entre os pares. Os artigos também discutiram a influência da mídia e da sociedade neste processo. A partir da análise dos estudos, observou-se que quanto maior o repertório de habilidades sociais dos adolescentes, maior será o fator de proteção contra o desenvolvimento de transtornos alimentares.

  12. Novamente grávida: adolescentes com maternidades sucessivas em Rondonópolis - MT

    OpenAIRE

    Alcindo José Rosa

    2007-01-01

    As maternidades sucessivas na adolescência constituem uma situação complexa que requer da adolescente a administração de três dimensões, que inspiram cada uma delas, ponderações: o processo de adolescência, a maternidade e a criação de vários filhos, com o agravante de ocorrerem, em nosso país, em contexto de considerável desigualdade sócio-econômica. Tendo em vista tal problemática, foi desenvolvida a pesquisa em tela voltada à caracterização e análise dos contextos reprodutivos, sócioeconôm...

  13. Transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal em bailarinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Dias Guimarães

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os transtornos alimentares (TA tornaram-se um problema relevante de saúde pública. Paralelamente a esse fato, observa-se aumento na frequência de problemas associados à percepção da imagem corporal. Esses transtornos alimentares são mais incidentes em praticantes de esportes que preconizam o baixo peso corporal, como o balé clássico. OBJETIVO: Determinar a prevalência de comportamentos de risco de transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal em bailarinos adolescentes na cidade de São Luís, MA, Brasil. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com 30 bailarinos clássicos, não profissionais de ambos os sexos, com idade de 15 a 19 anos. Para avaliação do comportamento de risco de anorexia nervosa, utilizou-se o teste de atitudes alimentares (EAT-26, e para o comportamento de risco de bulimia nervosa, o teste de investigação bulímica de Edimburgo (BITE. A imagem corporal foi avaliada por meio do questionário de imagem corporal (BSQ. RESULTADOS: A prevalência de comportamentos de risco de TA foi de 30,0% para anorexia nervosa, de acordo com o EAT-26 e, segundo a escala de sintomas do BITE, 40,0% apresentaram comportamento de risco de bulimia nervosa. Além disso, o BSQ identificou que 26,7% dos bailarinos estavam insatisfeitos com sua imagem. Analisando o comportamento de risco de TA e a insatisfação com a imagem corporal, por sexo, não houve diferença estatisticamente significante (p > 0,05. CONCLUSÃO: A alta incidência de insatisfação com a imagem corporal associada à grande prevalência de comportamentos de risco de TA encontrada neste estudo ratifica que a prática do balé parece ser um fator primordial para o aumento da suscetibilidade desses bailarinos desenvolverem TA.

  14. O olhar dos adolescentes em conflito com a lei sobre o contexto social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Junqueira, Maíz Ramos

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo originou-se da pesquisa intitulada “Adolescentes privados de liberdade: mapeando trajetórias de conflito com a lei”. Discute-se, aqui, o contexto em que os adolescentes que cometem atos infracionais estão inseridos, especialmente quanto aos aspectos sociais. São analisados relatos de jovens, coletados através de entrevistas, sobre os fatores que eles julgam contributivos para que cometessem delitos: uso de drogas, vida na comunidade, grupo de amigos, relação com o trabalho, família e escola. Reflete-se sobre as condições de vida desses sujeitos, destacando-se a necessidade da garantia dos seus direitos. Como conclusão, afirma-se a importância do investimento nas políticas sociais, principalmente as relacionadas à convivência familiar e comunitária e à educação.

  15. Processos de resiliência em adolescentes com diabetes Melittus tipo I

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Cassarino-Perez

    2015-01-01

    Full Text Available Este estudo investigou processos de resiliência em adolescentes com diabete melito tipo 1 (DM1, identificando fatores de risco e proteção por meio de estudos de caso múltiplos. Participaram três adolescentes, uma menina e dois meninos, entre 13 e 14 anos, pacientes de um serviço especializado em diabetes, e suas mães. Os instrumentos utilizados foram entrevistas semiestruturadas e o mapa dos cinco campos. As entrevistas tinham por objetivo investigar os cuidados com a saúde, o enfrentamento da doença, benefícios e prejuízos da mesma, além das características individuais e os planos de futuro dos adolescentes. A análise qualitativa de conteúdo se deu com auxílio do software WebQDA, e com base na Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano. Constatou-se que fatores de proteção como apoio social, vinculação afetiva e características pessoais de autoestima, otimismo e altruísmo, contribuíram para a manifestação de processos de resiliência. Destaca-se a importância de fortalecer a rede de apoio como fator de proteção para o enfrentamento do DM1, principalmente por meio da integração entre os diferentes contextos nos quais o adolescente está inserido.

  16. Adiposidade em adolescentes e obesidade materna Relationship between maternal obesity and adiposity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda Petroli Frutoso

    2011-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a relação entre adiposidade na adolescência e obesidade materna. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal com 660 indivíduos de 8 a 18 anos, de ambos os sexos, matriculados em uma escola pública e outra privada do município de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista, medidas antropométricas e inquérito alimentar. A adiposidade na adolescência foi mensurada a partir do índice de massa corporal e, por meio de análise de regressão, verificou-se sua relação com a obesidade materna, ajustada por sexo, idade, estágio de maturação sexual, valor energético total da dieta, atividade física, sedentarismo, peso ao nascer e escolaridade materna. RESULTADOS: Dos adolescentes estudados, 64,7% eram do sexo feminino. A média (desvio-padrão de idade foi de 12,4 (1,80, variando de 8 a 17 anos. Verificou-se maior prevalência de excesso de peso e obesidade entre os indivíduos do sexo masculino, não sendo observada associação significativa entre estado nutricional e sexo. Após ajuste pelas covariáveis, detectou-se que filhos de mães obesas têm risco quatro vezes maior de ser obesos, quando comparados aos adolescentes filhos de mães não obesas. CONCLUSÃO: Conclui-se que a obesidade materna representa fator de risco importante para o desenvolvimento da obesidade na adolescência.OBJECTIVE: This study aimed to describe the relationship between teenager's adiposity and maternal obesity. METHODS: A cross-sectional study was done with 660 teenagers aged 8 to 18 years, of both genders, students of private and public schools of São Paulo. The data were collected by interviews, anthropometric measurements and food intake records. Teenagers' adiposity was determined by body mass index and regression analyses was used to verify its relationship with maternal obesity adjusted for gender, age, stage of sexual development, energy intake, physical activity, sedentary lifestyle, birth weight and

  17. Atividade física e fatores associados em adolescentes do ensino médio de Curitiba, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério César Fermino

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de atividade física e identificar fatores associados em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com amostra representativa (n = 1.518, 59,2% do sexo feminino de escolares de 14-18 anos de idade da rede pública de ensino de Curitiba, PR, em 2006. A prática de atividade física foi auto-referida, em número de dias por semana em que realiza atividade de intensidade moderada a vigorosa com duração > 60 minutos. A prática foi analisada em dois modelos distintos. No primeiro, a variável foi dicotomizada em "0 dia" e "> 1 dia"; no segundo, em " 5 dias". As variáveis independentes foram: demográfico-biológicas (sexo, idade, índice de massa corporal; socioeconômicas (escolaridade dos pais, número de carros; comportamentais (horas assistindo TV, horas em frente ao computador; e socioculturais (apoio social da família e dos amigos, e a percepção de barreiras para a prática de atividades testadas em regressão de Poisson. RESULTADOS: No primeiro modelo de análise, a prevalência de atividade física foi de 58,2% (75,1% do sexo masculino e 46,5% do feminino; p < 0,001 e no segundo, de 14,5% (22,3% e 9,1%, respectivamente; p < 0,001. No primeiro modelo, as variáveis associadas à atividade física foram sexo masculino (RP = 1,63, IC95%: 1,48;1,78, apoio social da família (RP = 1,14, IC95%: 1,05;1,23, dos amigos (RP = 1,52, IC95%: 1,31;1,78 e elevada percepção de barreiras (RP = 0,54, IC95%: 0,46;0,62. No segundo modelo, apenas o sexo masculino (RP = 2,45, IC95%: 1,73;3,46 e a baixa percepção de barreiras (RP = 0,24, IC95%: 0,15;0,38 associaram-se à atividade física. CONCLUSÕES: Mais da metade dos adolescentes praticam atividade física em pelo menos um dia da semana, embora 14,5% atinjam as recomendações atuais. Níveis recomendados estão associados a menor número de fatores. Gênero e percepção de barreiras apresentam relação consistente com os níveis de atividade física.

  18. Consumo de alcohol y autoestima en adolescentes Consumo de álcool e autoestima em adolescentes Alcohol consumption and self esteem in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Álvarez Aguirre

    2010-06-01

    Full Text Available La presente investigación tuvo como objetivo analizar la relación entre el nivel de autoestima y el consumo de alcohol en los adolescentes, a través de la realización de un estudio descriptivo transversal, en una facultad de enfermería en la ciudad de Querétaro, en México, en el mes de julio de 2008, en una muestra de 109 adolescentes, entre 17 y 20 años. Para la obtención de los datos fueron aplicados dos instrumentos: AUDIT y Cuestionario de autoestima de Rosemberg. La mayoría de los adolescentes participantes tuvieron la autoestima elevada (94.5%, ninguno presentó autoestima baja. El 80.7% de los adolescentes del estudio no tiene riesgo de consumo de alcohol. Se concluye que la mayoría de los adolescentes presentaron una elevada autoestima y tuvieron riesgo bajo de consumo de alcohol. Por lo que se sugiere implementar programas preventivos con respecto al consumo de alcohol y factores protectores a fin de que los adolescentes continúen con un estilo de vida saludable.O presente estudo teve como objetivo analisar a relação entre o nível de autoestima e o consumo de álcool em adolescentes, através da realização de estudo descritivo transversal, em uma faculdade de enfermagem de Queretaro, México, no mês de julho de 2008, com amostra de 109 adolescentes, entre 17 e 20 anos. Para obtenção dos dados, foram aplicados dois instrumentos, o AUDIT e o questionário de autoestima de Rosemberg. A maioría dos adolescentes participantes tinha autoestima elevada (94,5%, nenhum apresentou baixa autoestima. Nesta amostra, 80,7% dos adolescentes não possui risco para consumo de álcool. Conclui-se que os adolescentes apresentaram elevada autoestima e baixo risco para o consumo de álcool. Portanto, é necessário implementar programas preventivos relacionados ao consumo de álcool e identificar os fatores protetores para garantir a manutenção de hábitos saudáveis pelos adolescentes.The aim of this study was to analyze the

  19. Efeito de intervenções sobre o índice de massa corporal em escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Roggia Friedrich

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito dos programas de intervenções com a atividade física e/ou a educação nutricional na redução do índice de massa corporal em escolares. MÉTODOS: Revisão sistemática com metanálise de estudos controlados randomizados disponíveis nas seguintes bases de dados eletrônicas entre o ano de 1998 a 2010: PubMed, Lilacs, Embase, Scopus, Web of Science e Cochrane Library, com os descritores: estudo controlado randomizado, sobrepeso, obesidade, índice de massa corporal, criança, adolescente, atividade física, educação nutricional e escolas. Medida de sumário baseada na diferença das médias padronizadas foi usada com intervalo de 95% de confiança. O teste de inconsistência foi utilizado para avaliar a heterogeneidade dos estudos. RESULTADOS: Foram identificados 995 estudos, dos quais 23 foram incluídos e realizadas três metanálises. Intervenções isoladas com atividade física não apresentaram efeito significativo na redução do índice de massa corporal, com diferença das médias padronizadas: -0,02 (IC95% -0,08;0,04. Resultado semelhante (n = 3.524 foi observado nas intervenções isoladas com educação nutricional, com diferença das médias padronizadas: -0,03 (IC95% -0,10;0,04. Quando combinadas as intervenções com atividade física e educação nutricional, o resultado da metanálise (n = 9.997 apresentou efeito estatisticamente significativo na redução do índice de massa corporal em escolares, com diferença das médias padronizadas: - 0,37 (IC95% -0,63;-0,12. CONCLUSÕES: As intervenções combinadas de atividade física e educação nutricional tiveram mais efeitos positivos na redução do índice de massa corporal em escolares do que quando aplicadas isoladamente.

  20. Resistência insulínica pode prejudicar a redução da espessura mediointimal em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila de Lima Sanches

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo aterosclerótico no nível endotelial começa em idade precoce e parece estar associado com a obesidade e suas comorbidades como a resistência insulínica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a influência da resistência insulínica em marcadores inflamatórios e subclínicos de aterosclerose em adolescentes obesos. MÉTODOS: Sessenta e seis adolescentes obesos pós-púberes foram divididos em dois grupos de acordo com o índice de resistência insulínica estimado pelo Modelo de Avaliação da Homeostase (HOMA-RI: com resistência insulínica (RI n = 39 e sem resistência insulínica (NRI n = 27, e foram submetidos a uma intervenção interdisciplinar ao longo de um ano. A espessura mediointimal da artéria carótida comum (EMIC, e o tecido adiposo visceral e subcutâneo foram determinados por ultrassonografia. A composição corporal, pressão arterial, índice HOMA-RI, perfil lipídico e as concentrações de adipocinas [leptina, adiponectina, e inibidor do ativador do plasminogênio-1 (PAI-1] foram analisados antes e após a terapia. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram melhoras significativas na composição corporal, estado inflamatório (redução da concentração de leptina e PAI 1; aumento de adiponectina plasmática e redução da EMIC. Apenas o grupo NRI mostrou correlação positiva entre as alterações na gordura visceral (∆Visceral e mudanças na EMIC (∆ EMIC (r = 0,42, p < 0,05. A análise por regressão linear simples revelou o ∆Visceral ser um preditor independente para a redução da EMIC nesse grupo (R2 ajustado = 0,14, p = 0,04. Os valores finais da EIMC permaneceram significativamente maiores no grupo RI, quando comparado com grupo NRI. CONCLUSÃO: A presença de resistência insulínica pode prejudicar mudanças na EMIC levando ao desenvolvimento precoce da aterosclerose em adolescentes obesos submetidos a uma intervenção interdisciplinar.

  1. APTIDÃO FÍSICA RELACIONADA À PRÁTICA ESPORTIVA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Schubert

    2016-04-01

    Full Text Available Introdução: Uma das funções da educação física na escola - a promoção de hábitos saudáveis - não vem sendo cumprida. Diante disso, a opção pela participação de crianças e jovens em programas de esportes como estratégia para auxiliar a melhora dos componentes da aptidão física vem sendo amplamente utilizada. Entretanto, ainda não estão claros quais os tipos de modalidades esportivas podem oferecer benefícios de maior magnitude. Objetivo: O objetivo do estudo foi identificar a associação entre os componentes da aptidão física voltados para a saúde e as modalidades esportivas individuais e coletivas em crianças e adolescentes. Método: Para tanto, participaram do estudo 401 sujeitos com idade entre oito e 16 anos. Os componentes da aptidão física foram avaliados por meio da bateria de testes PROESP - 2007. Para a análise dos dados, foram empregados o teste qui-quadrado e a regressão logística binária, a fim de identificar as associações e suas magnitudes. Resultados: Os sujeitos praticantes de modalidades esportivas individuais apresentaram 1,93 e 2,32 vezes mais chance de atingirem valores esperados de aptidão física para o índice de massa corporal e flexibilidade. Por outro lado, os praticantes de modalidades coletivas apresentaram 75% mais chances de atingir os critérios de saúde da capacidade física para força de membros superiores. Conclusão: Dessa forma, é possível concluir que os diversos componentes da aptidão física voltada para a saúde estão associados às modalidades esportivas em crianças e adolescentes.

  2. Vivendo em contexto de violência: o caso de um adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lordelo Lia da Rocha

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho integra um estudo longitudinal, explorando nexos entre uma história marcada cotidianamente pela violência doméstica e urbana e a construção social de uma cultura pessoal em um adolescente de 14 anos, o segundo dos três filhos de uma família matrifocal. Apoiou-se em entrevistas semi-estruturadas realizadas em diferentes períodos do estudo. Na análise, caracteriza-se um processo de construção social do envolvimento com a violência (na condição de vítima e de agressor, destacando-se o contexto sociocultural imediato, estruturado por situações adversas como pobreza, conflitos intra-familiares e sociais e, especificamente, violência, todos estes formando o que se poderia chamar de ecologia propiciadora de atos violentos.

  3. Adolescentes em cena: uma proposta educativa no campo da saúde sexual e reprodutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vânia de Souza

    2011-12-01

    Full Text Available Objetivou-se descrever a experiência sobre a elaboração de material educativo, no formato de performance teatral criada e encenada por adolescentes, como estratégia para a obtenção de uma atitude reflexiva e autônoma desses sujeitos, no campo afetivo-sexual e reprodutivo. Processo de intervenção e de investigação desenvolvido em uma escola pública de Belo Horizonte - Minas Gerais, Brasil - com 12 estudantes de 14 a 18 anos. A análise baseou-se no método de educação pela experiência, de John Dewey. Foram realizadas 23 oficinas até a produção do espetáculo e do vídeo Sexo sim, Doença Não, exibido para alunos do ensino médio. A produção de tecnologias educativas, construída pelos próprios adolescentes, possibilitou a ampliação de suas vivências e a re-significação de conhecimentos. Também auxiliou a compreensão da realidade cotidiana desses sujeitos, permitindo a ligação entre o interno (o pensamento do adolescente e o externo (que concretiza os fenômenos sociais no campo afetivo-sexual e reprodutivo.

  4. Acetato de Medroxiprogesterona de Depósito como Anticoncepcional Injetável em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Campos Janette Rodrigues

    2001-01-01

    Full Text Available Objetivos: acompanhar a incidência de efeitos colaterais e aceitabilidade (taxa de continuidade do acetato de medroxiprogesterona de depósito (DMPA como contraceptivo injetável trimestral em adolescentes do nosso meio. Método: quarenta adolescentes (70% lactantes iniciaram o uso do DMPA, tendo sido acompanhadas por uma média de 14,2 meses. As queixas espontâneas, as alterações menstruais, dados do exame físico e exames laboratoriais foram coletados e analisados pelos testes de Wilcoxon ou McNemar. Resultados: as queixas mais freqüentes foram cólica (16,6% e cefaléia (15,2%. Os padrões menstruais predominantes foram o spotting e a oligomenorréia. Não foi observada variação significativa da pressão arterial sistólica durante o acompanhamento, mas houve uma ligeira queda nos níveis da pressão arterial diastólica, no limite da significância. Não houve alterações significativas da glicemia de jejum, e foi observada uma tendência ao aumento da taxa de hemoglobina. O ganho de peso (média de 3,9 kg em 12 meses e a irregularidade menstrual ( > ou = 70% em qualquer retorno foram os principais motivos para a desistência do método. Vinte e sete pacientes foram acompanhadas por 12 meses e a taxa de continuidade nessa época foi de 81,48%. Conclusão: o acetato de medroxiprogesterona de depósito mostrou-se um contraceptivo satisfatório para as adolescentes.

  5. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    2011-02-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  6. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

  7. Literacia em saude mental de adolescentes e jovens portugueses sobre abuso de alcool

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Manuel de Jesus Loureiro

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar a literacia em saúde mental de adolescentes e jovens relativamente ao consumo abusivo de álcool, nas diversas componentes do conceito de literacia. MÉTODOS: Estudo descritivo-exploratório, em que foi aplicado o QuALiSMental a uma amostra representativa de 4.938 adolescentes e jovens, com idades compreendidas entre os 14 e os 24 anos, que frequentam escolas do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário da região centro de Portugal. RESULTADOS: O reconhecimento da vinheta do consumo abusivo de álcool pelos participantes é elevado (72,4%, ainda que seja também identificado como alcoolismo (70,3%, o que no entanto indica a percepção do problema como grave. Os participantes apresentam níveis modestos de literacia nas restantes componentes, preferindo as fontes informais de ajuda. CONCLUSÃO: Conclui-se que há necessidade de implementação de programas nas escolas que promovam a literacia em saúde mental, para adoção de comportamentos saudáveis nos jovens, que os transferem para a idade adulta.

  8. Violência, culpa e ato: causas e efeitos subjetivos em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Figueiredo Carneiro

    2010-12-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta um relato de pesquisa realizada sobre a violência e o adolescente, evidenciando o objetivo, as causas e os efeitos subjetivos que desencadeiam a violência na atualidade. Apresenta também uma investigação qualitativa com referencial teórico-conceitual da psicanálise, em destaque os conceitos de mal-estar, lei, anomia, limites, laços sociais, necessidade, desejo, culpa, passagem ao ato, individualismo, discurso capitalista, amor, vida e morte. Foram utilizados fotografias e fragmentos de filmes apresentados aos adolescentes inseridos no projeto Pró-jovem, desenvolvido na cidade de Maracanaú, Ceará, Brasil. As análises confirmaram os pressupostos da pesquisa de que a violência guarda relação direta com a ineficácia dos discursos normativos, que a culpa não comparece em consequência dos atos desfechados contra o próximo e que o sujeito não se guia por uma referência mítica do representante da lei.(* Colaboradores da pesquisa: doutora Marta Gerez Ambertín (Universidad de Santiago del Estero - Argentina; mestra em Psicologia Márcia Batista dos Santos (Universidade de Fortaleza - Brasil; alunos de Mestrado em Psicologia: Thiago Costa Matos Carneiro da Cunha (Labio, Rossana Vaz Borja (Labio, Carla Renata Braga de Souza (Labio/Leipcs, Lisieux D’Jesus Luzia de Araújo Rocha (Labio/Otium - Universidade de Fortaleza - Brasil; graduado em Psicologia Marcus Vinicius Ximenes Rocha (Universidade de Fortaleza – Brasil; bolsista de I. C. CNPq: Ricardo Pinheiro Maia Júnior; bolsista de I. C. Funcap: Rayana Silva Lima (Universidade de Fortaleza. Projeto apoiado pelo CNPq por meio de Bolsa de Produtividade em Pesquisa concedida ao Prof. Dr. Henrique Figueiredo Carneiro.

  9. Recomendações para oxigenoterapia domiciliar prolongada em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    ADDE, Fabíola V.; Alfonso E. Alvarez; Barbisan,Beatriz N.; Guimarães,Bianca R.

    2013-01-01

    OBJETIVO: Orientar pediatras, neonatologistas, pneumologistas, pneumologistas pediátricos e outros profissionais envolvidos na área sobre as principais indicações e as particularidades da oxigenoterapia domiciliar prolongada em crianças e adolescentes. FONTES DOS DADOS: Pesquisa bibliográfica na base de dados MEDLINE/PubMed (1990 a 2011). Adicionalmente, referências de estudos selecionados foram incluídas. Como para muitos dos aspectos não existem evidências científicas consistentes, algumas ...

  10. Estudo dos mecanismos de escrita em adolescentes psicóticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laurent Combres

    2005-01-01

    Full Text Available Estudamos os mecanismos das práticas de escrita, especificamente, a dos adolescentes psicóticos. Uma prática clínica em ateliê (de escrita mostra que escrever pode tratar a doença mental, considerando-a uma falta de inscrição social do sujeito. Nossa hipótese articula a palavra e o escrito como os reflexos da inscrição do sujeito na linguagem e a inscrição social como uma função especial dos mecanismos da linguagem.

  11. Síndrome metabólica em adolescentes do sexo feminino com sobrepeso e obesidade Síndrome metabólico en adolescentes del sexo femenino con sobrepeso y obesidad Metabolic syndrome in overweight/obese female adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Pelegrino Pinho

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar parâmetros bioquímicos e fisiológicos em adolescentes do sexo feminino com sobrepeso/obesidade ou com peso corporal normal e avaliar se fatores de risco cardiovascular, postulados como componentes da síndrome metabólica, já estão presentes nessa faixa etária. MÉTODOS: Estudo transversal, tendo-se comparado a totalidade de meninas com idades entre 12 e 18 anos de um colégio de Ribeirão Preto, divididas em dois grupos: sobrepeso/obesidade (n=30 e controle (n=39. De cada menina, foram avaliados parâmetros antropométricos (peso, estatura, dobras cutâneas, circunferências do abdome e do quadril e bioquímicos (glicose, insulina, lipidograma, ureia, creatinina, fibrinogênio, PAI-1, ferritina, sódio e microalbuminúria. RESULTADOS: As adolescentes com sobrepeso/obesidade apresentaram níveis maiores de pressão arterial, glicose, triglicérides, ácido úrico, PAI-1, fibrinogênio e insulina e níveis menores de colesterol-HDL em relação ao grupo controle. A análise de alterações e formação de clusters de fatores de risco demonstrou que 76,7% das adolescentes do grupo sobrepeso apresentaram dois ou mais fatores de risco relacionados à síndrome metabólica, enquanto 79,5% das adolescentes do grupo controle apresentaram nenhuma ou apenas uma alteração. Os parâmetros microalbuminúria e ferritina sérica não apresentaram alterações e diferenças entre os grupos. CONCLUSÕES: Adolescentes do sexo feminino com sobrepeso/obesidade já apresentam hipertensão, dislipidemias, disfibrinólise, hiperinsulinemia e clusters de fatores de risco cardiovascular.OBJETIVO: Evaluar parámetros bioquímicos y fisiológicos en adolescentes del sexo femenino con sobrepeso/obesidad o peso corporal normal y evaluar si factores de riesgo cardiovascular, postulados como componentes del síndrome metabólico, ya están presentes en esa franja de edad. MÉTODOS: Estudio transversal, habiéndose comparado la totalidad de ni

  12. Imagem corporal em homens: instrumentos avaliativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Berbert de Carvalho

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar os instrumentos disponíveis para avaliação da imagem corporal de adultos do sexo masculino, bem como verificar as qualidades psicométricas avaliadas no processo de criação/adaptação destes. Foi realizada busca nas bases de dados: Scopus, Web of Science, BIREME, e Banco de Teses da CAPES; limitadas ao período de 2009 a 2013, por meio das palavras chave: body image, scales, questionnaires, validation e translations. Esta pesquisa constatou um aumento do número de instrumentos disponíveis para a população brasileira, além de uma diversificação das populações estudadas. Entretanto, ainda são poucos os instrumentos específicos para adultos do sexo masculino. Há necessidade de criação e adaptação de novos instrumentos que contemplem a complexidade do construto da imagem corporal.

  13. Influencia del desplazamiento activo sobre la felicidad, el bienestar, la angustia psicológica y la imagen corporal en adolescentes

    OpenAIRE

    Alberto Ruiz-Ariza; Manuel J. de la Torre-Cruz; María T. Redecillas-Peiró; Emilio J. Martínez-López

    2015-01-01

    Objetivo: Analizar la asociación entre el desplazamiento activo y los indicadores de salud psicológica en una muestra de 1012 adolescentes. Método: El desplazamiento activo se evaluó mediante cuestionario. La felicidad con la Subjective Happiness Scale, el bienestar y la angustia psicológica con el General Well-Being, y la imagen corporal con la versión breve del Body Shape Questionnaire. Resultados: Los/las adolescentes que emplean más de 15 minutos al día en desplazamiento activo tení...

  14. Expectativas de adolescentes em relação a mudanças do perfil nutricional Expectations of adolescents in relation to the changes of nutritional profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Déa Braga

    2007-10-01

    Full Text Available Este estudo apresenta resultados de uma pesquisa de natureza quanti-qualitativa sobre nutrição em adolescentes, atendidos no Centro Salesiano do Menor, localizado em Vitória (ES. Objetivou-se identificar o perfil nutricional e as expectativas dos adolescentes em relação a mudanças no perfil nutricional. Foram realizadas entrevistas com perguntas abertas e fechadas com 43 adolescentes na faixa etária de 14 a 17 anos e coletados dados antropométricos para avaliação do estado nutricional, segundo o Índice de Massa Corporal (IMC. Fragmentos dos discursos foram selecionados e transcritos no texto como forma de elucidação das respostas abertas. A maioria (86% dos adolescentes foi classificada como eutrófica e revelou descontentamento com o corpo e grande preocupação com a beleza. Resultados evidenciaram a importância dada à estética, como principal motivo para desejarem mudanças. Foram relatadas dificuldades no que diz respeito ao controle alimentar e à realização de atividade física. Sentimento de discriminação da sociedade aos que não correspondem ao padrão de beleza apareceu nas respostas dos adolescentes. Conclui-se que os adolescentes estudados apresentam percepção de seu peso não condizente com os resultados encontrados na avaliação nutricional e baixa auto-estima, desejando mudanças.This article presents results of a research of nature quanti-qualitative on nutrition and adolescents of Centro Salesiano do Menor, located in Vitória (ES. The aim of this study was to know the nutritional profile and expectations of the adolescents in relation the changes in the nutritional profile. Structured interview with subjective and objective questions was realized with 43 adolescents 14 to 17 years old and collected anthropometric date to valuation of the state nutritional according to the body mass index (BMI. Fragments of the speeches were selected and transcripts in the text as form of briefing of the open answers. The

  15. CONCEPÇÕES SOBRE ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA SEXUAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vera Lucia Mendes Trabbold

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo Trata-se de uma pesquisa de campo de abordagem qualitativa objetivando compreender as práticas discursivas dos profissionais de saúde sobre violência sexual contra crianças e adolescentes. Foram entrevistados dez profissionais (médicos, enfermeiros, agentes comunitários e coordenador do programa que compõem três equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF da cidade de Montes Claros, MG, Brasil. A abordagem discursiva para análise dos dados foi fundamentada em Michel Foucault, bem como em autores ligados ao campo da Saúde Coletiva. Os resultados indicam que, dentre os vários fatores que propiciam e/ou mantêm a violência sexual na forma de exploração comercial sexual de adolescentes, está a desigualdade econômica e social, aliada à desigualdade de gênero, pouco reconhecida pelos profissionais. A omissão/negação da questão se evidencia pela ausência de notificação obrigatória; inexistência de trabalhos preventivos na área; ações pontuais inadequadas às necessidades da adolescência, preconceito e falta de referência de uma rede de cuidados intersetoriais.

  16. Violência sexual contra adolescentes em Campo Grande, Mato Grosso do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucyana Conceição Lemes Justino

    Full Text Available RESUMO Objetivo Analisar a situação da violência sexual contra adolescentes. Métodos Estudo transversal com análise espacial, abrangendo 172 fichas de notificação, de janeiro de 2009 a janeiro de 2013, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Para a análise espacial, os dados foram agrupados por bairro. A análise estatística dos dados foi descritiva. Resultados Os adolescentes em situação de violência foram majoritariamente meninas (94,8% e de cor branca (37,8%. Predominou a violência intrafamiliar (51,7% e com um perpetrador (66,9%. A gravidez (8,7% foi uma das consequências. Os casos tiveram distribuição homogênea no município, sem padrão espacial preferencial e sem distinção de estrato social. Conclusões Apesar da subnotificação de casos de violência sexual, a frequência e as consequências individuais e coletivas desta são suficientemente graves para torná-la uma questão de saúde pública.

  17. Prevenção da Aids com adolescentes encarcerados em São Paulo, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Alves Peres

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Descrever o perfil de adolescentes quanto ao apoio social e familiar, ao uso de drogas e os conhecimentos, as práticas e atitudes relacionadas à Aids e sua prevenção. MÉTODOS: Foram estudados 275 jovens internos, do sexo masculino, de um centro de internação da Fundação Estadual do Bem Estar do Menor (Febem, em São Paulo, SP. A pesquisa foi feita em duas fases: a primeira por meio de entrevistas semi-estruturadas com 20 internos; a segunda, com questionários para auto-respostas aplicados aos 275 internos, com perguntas fechadas referentes a características sociodemográficas, criminalidade, práticas sexuais, uso de drogas, conhecimento, atitudes e práticas relativas à Aids. RESULTADOS: Do total estudado, 90% dos jovens internos residiam com suas famílias antes da internação; todos haviam estudado em escolas públicas, ainda que 61% já houvessem abandonado os estudos; 12% já haviam usado drogas; e 5,5% eram usuários de drogas intravenosas. A maioria (98% era sexualmente ativa; 35% haviam tido mais de 15 parceiras(os sexuais ao longo da vida; 8% haviam tido experiências homossexuais (dentro ou fora da Febem; 12% já haviam trocado sexo por benefícios materiais; e 22% já eram pais. Muitos dos adolescentes afirmaram que adquirir o HIV "é parte da vida" e que suas vidas apresentam riscos piores, como sobreviver na criminalidade. Acreditam que o preservativo é frágil (83% e atrapalha a relação sexual (58%; 72% já haviam utilizado preservativo, mas apenas 9% o utilizavam sempre. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram um elevado risco de aquisição do HIV. Assim, torna-se necessário integrar a prevenção da Aids em sua problemática de vida e em temas como racismo, esperança pelo futuro, criminalidade, uso de drogas, direitos fundamentais, incluídos nestes os referentes ao sexo e à reprodução, mostrando existir alternativas a adquirir o HIV ou morrer na criminalidade.

  18. Associação entre o estilo de vida dos pais e a composição corporal dos filhos adolescentes Association of parental lifestyle with body composition of their adolescent children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edio Luiz Petroski

    2009-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a associação entre o estilo de vida dos pais e a composição corporal de seus filhos adolescentes. MÉTODOS: Participaram do estudo 120 indivíduos, sendo 40 adolescentes de 14 a 17 anos do sexo masculino e seus respectivos pais (n=80. Os adolescentes foram divididos em dois grupos de acordo com o percentual de gordura (%G: baixo (%G20%. Mensuraram-se o peso, a estatura e as dobras cutâneas (tríceps e subescapular e estimou-se o %G dos adolescentes por meio da equação de Lohman. O questionário "estilo de vida fantástico" foi respondido pelos pais. Para a análise estatística, utilizou-se o teste exato de Fischer, considerando-se significante pOBJECTIVE: Investigate the association of parental lifestyle with body composition of their adolescent offspring. METHODS: The study included 120 individuals: 40 male adolescents aged between 14 and 17 years and their parents (n=80. The adolescents were divided into two groups according to the percentage of body fat (%BF: low (%BF20%. Body weight, stature and triceps and subscapular skinfolds were measured, and the Lohman equation was used to estimate %BF of the adolescents. The parents answered the FANTASTIC lifestyle questionnaire. Statistical analyses included Fisher's exact test, being significant p<0.05. RESULTS: The prevalence of overweight among both parents of adolescents with high %BF was twice the prevalence observed among parents of adolescents with low %BF (42 and 25%; 75 and 15%, for mothers and fathers, respectively. The lifestyle of the parents of adolescents with low %BF was significantly better than the parents of adolescents with high %BF. CONCLUSIONS: Lifestyle of parents is associated with body composition of adolescent offspring with high and low %BF.

  19. ADOLESCENTES COM SONOLÊNCIA DIURNA EXCESSIVA PASSAM MAIS TEMPO EM COMPORTAMENTO SEDENTÁRIO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érico Pereira Gomes Felden

    Full Text Available RESUMO Introdução: A diminuição da atividade física, a baixa duração do sono e o aumento do tempo sentado têm sido cada vez mais percebidos na adolescência. Objetivos: Investigar a associação entre comportamento sedentário e variáveis de sono (sonolência diurna e duração de sono de adolescentes de um município de pequeno porte do sul do Brasil. Métodos: Trata-se de uma amostra representativa, de base escolar, do município de Maravilha, SC, Brasil, formada por 516 adolescentes de ambos os sexos, com 10 a 19 anos de idade. Foram investigadas as associações entre comportamentos sedentários, sono, percepção de estresse e atividade física. O comportamento sedentário foi investigado por meio do tempo sentado durante o dia. Além disso, outras questões foram investigadas, como: sexo, faixa etária, turno escolar, local de domicílio, renda e grau de instrução do chefe de família, duração do sono e sonolência diurna, percepção de estresse e nível de atividade física. Resultados: A prevalência de baixa duração do sono foi de 53,6%. A média de tempo sentado durante um dia de semana foi de 382,2 min., sendo superior no sexo feminino (p = 0,001. Os adolescentes com baixa duração do sono apresentaram valores médios mais altos de tempo sentado (p < 0,001, sonolência diurna (p < 0,001 e sonolência em sala de aula (p < 0,001. Os adolescentes com maior sonolência tinham 4,97 (IC: 2,50-9,87 vezes mais chance de ter comportamento sedentário elevado. Conclusão: Adolescentes com maior sonolência diurna apresentaram maior tempo dedicado aos comportamentos sedentários. Assim, as medidas de educação para um estilo de vida mais ativo na adolescência devem observar também questões gerais sobre sono e sonolência diurna.

  20. Fatores associados ao comportamento alimentar inadequado em adolescentes escolares Factors associated with inappropriate eating behavior in adolescent students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Evidências demonstram que a prevalência do comportamento alimentar inadequado (CAI entre jovens tem aumentado nos últimos anos. Parece que a insatisfação corporal (IC, a prática excessiva de exercício físico, a composição corporal, o nível econômico (NE, além da etnia, podem ser fatores de risco para o CAI. OBJETIVO: Associar IC, grau de comprometimento psicológico ao exercício (GCPE, adiposidade corporal (AC, estado nutricional (EN, NE e etnia ao CAI em adolescentes. MÉTODOS: Participaram 362 jovens de ambos os sexos com idades entre 10 e 19 anos. Utilizou-se o Eating Attitudes Test para avaliar o CAI. O Body Shape Questionnaire e a Commitment Exercise Scale foram utilizados para mensurar IC e GCPE, respectivamente. Aferiram-se dobras cutâneas para classificar a AC segundo sexo. Peso e estatura foram aferidos para calcular-se o índice de massa corporal (IMC e classificar o EN. O NE foi avaliado pelo Critério de Classificação Econômica Brasil. Aplicou-se questionário que buscava avaliar etnia, idade e sexo. RESULTADOS: Os resultados evidenciaram associação do CAI com IC, GCPE e NE no sexo feminino (p BACKGROUND: Evidence shows that the prevalence of inappropriate eating behavior (CAI among young people has increased in recent years. It seems that body dissatisfaction (IC, the practice of excessive exercise, body composition, the socioeconomic status (NE, and ethnicity may be risk factors for CAI. OBJECTIVE: To associate IC, degree of psychological impairment to exercise (GCPE, adiposity (AC, nutritional status (EN, NE and ethnicity with CAI in adolescents. METHODS: Participants 362 young people of both sexes aged between 10 and 19 years. We used the Eating Attitudes Test to assess the CAI. The Body Shape Exercise Questionnaire and Commitment Exercise Scale were used to measure IC and GCPE, respectively. We evaluated skinfold thickness is to classify the AC second sex. Weight and height were measured to

  1. Efeitos do manejo comportamental de incontinência fecal em adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Jonas das Neves

    Full Text Available A incontinência fecal, também conhecida como encoprese, é um transtorno de evacuação que acarreta prejuízos ao desenvolvimento psicossocial e orgânico da criança e do adolescente, e que demanda atenção e cuidado de pais e profissionais de saúde. No amplo contexto de tratamento da encoprese, a psicoterapia constitui importante recurso, sendo a terapia comportamental apontada como uma das modalidades mais promissoras e eficazes para o tratamento dessa dificuldade de eliminação. Este artigo apresenta o estudo dos efeitos do manejo comportamental de quadro de incontinência fecal em um adolescente de 14 anos, atendido em clínica-escola de Psicologia do interior do Estado de São Paulo durante 14 meses. A partir do referencial teórico da análise do comportamento, foi desenvolvido, em contexto psicoterápico, um conjunto de estratégias comportamentais com o cliente, bem como orientações aos pais, visando à gradativa extinção encoprética. No decorrer desse processo, o cliente apresentou significativas aquisições comportamentais de uso regular do banheiro e adequado controle esfincteriano, monitoradas semanalmente, que possibilitaram a plena extinção das ocorrências de sujidade, sendo avaliado o efeito em follow-up realizado três meses após o encerramento dessa intervenção.

  2. Sintomas depressivos em crianças e adolescentes com anemia falciforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe José Nascimento Barreto

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar a frequência de sintomas depressivos em crianças e adolescentes com anemia falciforme, bem como caracterizar e associar tal sintomatologia aos dados individuais. Métodos: Realizou-se um estudo transversal com portadores de anemia falciforme dos 7 aos 17 anos, atendidos em um ambulatório de Hematologia Pediátrica, os quais preencheram o Inventário de Depressão Infantil (CDI. Resultados: Foram avaliados 76 pacientes, estabelecendo-se em 13 o ponto de corte. Vinte e seis pacientes (34,2% apresentavam sintomas sugestivos de depressão. "Não ser tão bom quanto os outros colegas" foi o item mais pontuado, além de ter predominado significativamente naqueles com escore de CDI maior ou igual a 13, assim como as variáveis: ter pais separados ou viúvos e renda familiar mensal menor ou igual a R$ 510,00. O item "preocupação com dores" foi bem pontuado, independentemente da presença de sintomas depressivos (p = 0,1. Conclusão: A depressão em crianças e adolescentes com anemia falciforme ainda é pouco estudada. Os dados obtidos indicam frequência elevada de sintomas depressivos nessa população. Possivelmente, conviver precocemente com a separação dos pais e pertencer a uma família com baixa renda esteja relacionado ao desenvolvimento desses sintomas.

  3. Influência do treinamento aeróbio e anaeróbio na massa de gordura corporal de adolescentes obesos Influencia del entrenamiento aeróbico y anaeróbico en la masa grasa corporal de adolescentes obesos Influence of the aerobic and anaerobic training on the body fat mass in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cláudia Fernandez

    2004-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar as influências do exercício aeróbio e anaeróbio na composição corporal de adolescentes obesos do sexo masculino. A amostra foi constituída de 28 adolescentes com idades entre 15 e 19 anos, que apresentavam obesidade grave. Os voluntários foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: grupo I: exercício anaeróbio; grupo II: exercício aeróbio; e grupo III: controle. O grupo I realizou treinamento intervalado em cicloergômetro que consistiu de 12 "tiros" de 30" com máxima força e velocidade, pedalando com carga alta (0,8% do massa corporal x 25 watts e recuperação ativa de 3'; o grupo II realizou treinamento aeróbio em cicloergômetro pedalando com carga relativa ao limiar ventilatório por 50 minutos. Já o terceiro grupo funcionou como controle, sem atividade física. Todos os grupos tiveram orientação nutricional e o período de intervenção foi de 12 semanas (três meses. Os voluntários realizaram densitometria óssea com análise da composição corporal (DEXA e avaliações médicas e de aptidão física. Quando comparados os períodos inicial e final de intervenção foram observadas reduções nas variáveis massa corporal, IMC, na massa de gordura corporal total e de membros inferiores e na percentagem de gordura corporal de tronco nos grupos de exercício. Diferenças foram observadas entre os grupos I e III para os deltas percentuais de massa de gordura corporal total e de membros inferiores e na percentagem de gordura de membros inferiores. Os dados sugerem que o exercício físico, tanto aeróbio como anaeróbio, aliado à orientação nutricional, promove maior redução ponderal, quando comparado com a orientação nutricional somente, e que, neste estudo, o exercício anaeróbio foi mais eficiente para promover a diminuição da gordura corporal e da percentagem de gordura e o exercício aeróbio foi mais eficaz no sentido de preservar e/ou aumentar a massa magra e a

  4. Adolescente em conflito com a lei e medidas socioeducativas: limites e (impossibilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francischini, Rosângela

    2005-01-01

    Full Text Available Reinserção social, readaptação, ajustamento social, integração à família e sociedade. Várias são as expressões empregadas para referir-se ao efeito desejado do trabalho com o jovem em conflito com a lei, em cumprimento de medidas socioeducativas, particularmente em privação de liberdade. Parte do aparato legal do Estado, a partir da promulgação do Estatuto da Criança e do Adolescente, significaram, essas medidas, uma chamada à responsabilização do jovens, em face da transgressão cometida. No entanto, avalia-se, o que dá a essas medidas o caráter socioeducativo, fazendo com que o trabalho desenvolvido nas instituições diferencie-se do cumprimento de pena? Estrutura física, formação de recursos humanos, ações educativas e trabalho transdiciplinar são alguns dos aspectos implicados nesta questão. Neste contexto de discussão insere-se o presente artigo, que tem por objetivo discutir o caráter socioeducativo das medidas de privação de liberdade e as possibilidades de reinserção social do jovem em conflito com a lei

  5. DESORDENS DEVIDO AO ÁLCOOL EM ADOLESCENTES: CONFIABILIDADE DE UM INSTRUMENTO DE MEDIDA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JUSSARA DE CASTRO ALMEIDA

    2010-03-01

    Full Text Available

    O objetivo deste estudo foi estimar a confiabilidade da versão em português do Teste de Identificação de Desordens Devido ao Álcool – AUDIT quando aplicada em adolescentes. Participaram do estudo 62 adolescentes com média de idade de 16,841,01 anos, sendo 56,45% do sexo masculino, matriculados no 3º ano do ensino médio de uma escola pública do município de Passos – MG em 2008. Adotou-se o delineamento amostral não-probabilístico. Os questionários foram aplicados em sala de aula, por um examinador treinado, duas vezes, com intervalo de uma semana entre as mesmas. A consistência interna do AUDIT foi estimada pelo coeficiente α – Cronbach. Para o estudo da reprodutibilidade intra-examinador utilizou-se a estatística Kappa com ponderação linear (p por ponto e por intervalo de confiança. O nível de significância adotado foi de 5,00%. Todas as questões do AUDIT apresentaram correlação inter- item >0,20 e a escala obteve α=0,77. A concordância das respostas obtidas para as questões componentes do AUDIT variou de “boa” a “ótima”. Quando da classificação do risco de beber dos estudantes, a reprodutibilidade foi “ótima” (=0,92. Assim, entende-se que o AUDIT apresentou uma confiabilidade adequada no rastreamento do consumo de beber dos estudantes e sugere-se que o mesmo possa ser utilizado na pesquisa epidemiológica para levantamentos de informações sobre a utilização de bebidas alcoólicas por adolescentes.

  6. Ideação suicida em adolescentes de 13 a 17 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Roxo Borges Blanca

    2008-01-01

    Full Text Available No Brasil a incidência de suicídio tem aumentado em adolescentes e adultos jovens. O Estado do Rio Grande do Sul registra o maior coeficiente de suicídio no país. A presença de ideação suicida pode caracterizar um primeiro passo para a consolidação do suicídio. Dando continuidade aos estudos realizados em Porto Alegre, esta pesquisa objetivou identificar a presença de ideação suicida e sua possível associação com intensidade de depressão em adolescentes da cidade de Erechim, com idades entre 13 e 17 anos. Foi utilizada uma ficha de dados sociodemográficos, a Escala de Ideação Suicida de Beck (BSI e o Inventário de Depressão de Beck (BDI. Dos 204 adolescentes pesquisados, 65 (31,9% apresentaram ideação suicida. Destes, 49 (75,4% eram mulheres e 21 (32,3% tinham 16 anos. Verificou-se que depressão leve, moderada e grave, estão associadas à presença de ideação suicida em nível estatisticamente significativo. A análise de regressão logística demonstrou que um adolescente com pontuação para depressão tem uma razão de chance de 12 vezes de desenvolver ideação suicida quando comparado com um adolescente que não pontuou depressão. Estes achados mostram a necessidade de desenvolver programas preventivos para minimizar o desenvolvimento da ideação suicida e diminuir os índices de suicídio na adolescência. Abstract In Brazil the suicide incidence has been increasing in adolescents and young adults. The State of Rio Grande do Sul registers the largest suicide coefficient in the country. The presence of suicidal ideation can characterize a first step for the consolidation of the suicide. Giving continuity to the studies accomplished in Porto Alegre, this research aimed to identify the presence of suicidal ideation and its possible association with depression intensity in adolescents from the city of Erechim, with ages between 13 and 17 years. It was used a sociodemographic data form, the Beck Scale for Suicidal

  7. Excesso de peso e qualidade de vida relacionada à saúde em adolescentes de Florianópolis, SC Exceso de peso y calidad de vida relacionada con la salud en adolescentes de Florianópolis, Sur de Brasil Overweight and health-related quality of life in adolescents of Florianópolis, Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Kunkel

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de adolescentes e sua associação com o excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 467 adolescentes de 15 a 18 anos de idade de uma escola pública de Florianópolis, SC, e de seus respectivos pais, realizado em 2007. Sobrepeso e obesidade foram definidos pelo índice de massa corporal. A combinação de sobrepeso e obesidade foi considerada como excesso de peso. A qualidade de vida relacionada à saúde foi avaliada por meio do questionário sobre qualidade de vida pediátrica PedsQL 4.0, versões adolescente e pais. Análises dos dados incluíram estatística descritiva e regressão logística com estimação de razões de chances brutas e ajustadas. RESULTADOS: A taxa de resposta entre adolescentes foi de 99,4% e entre os pais 53,4%. As prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 12,2% e 3,6%, respectivamente. O grupo com excesso de peso obteve menores escores de qualidade de vida que o grupo sem excesso de peso, exceto para o domínio emocional nos adolescentes e na saúde psicossocial para os pais. Após o ajuste, a chance de um adolescente com excesso de peso ter baixa qualidade de vida foi 3,54 vezes (IC 95% 1,94;6,47 maior que um adolescente sem excesso de peso. Adolescentes do sexo feminino apresentaram escores mais baixos de qualidade de vida. CONCLUSÕES: A qualidade de vida relacionada à saúde foi significativamente mais baixa em adolescentes com excesso de peso. Medidas dirigidas ao controle de peso na população adolescente e instrumentos de avaliação de qualidade de vida constituem-se importantes aliados para um melhor e mais completo entendimento deste importante problema de saúde pública.OBJETIVO: Evaluar la calidad de vida relacionada con la salud de adolescentes y su asociación con exceso de peso. MÉTODOS: Estudio transversal con 467 adolescentes de 15 a 18 años de edad de una escuela pública de Florianópolis, Sur de Brasil, y de sus

  8. Acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil Acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil Acupuncture in adolescents with juvenile fibromyalgia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marialda Höfling P. Dias

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a utilização da acupuntura em adolescentes com fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudo retrospectivo realizado em pacientes com fibromialgia juvenil (critérios do Colégio Americano de Reumatologia submetidos a, pelo menos, 11 sessões semanais de acupuntura. As avaliações antes e após acupuntura incluíram dados demográficos, características da dor musculoesquelética, número de pontos dolorosos (NPD, escala visual analógica (EVA de dor, algiometria e índice miálgico (IM. Durante o estudo, os pacientes puderam usar analgésicos, amitriptilina e foram orientados a praticar atividade física aeróbica. Os resultados antes e após acupuntura foram comparados pelo teste não paramétrico de Wilcoxon. RESULTADOS: Dos 38 pacientes com fibromialgia juvenil acompanhados em oito anos consecutivos, 13 tinham todas as informações nos prontuários e nas fichas de acupuntura e foram avaliados. Destes 13, sete obtiveram melhora nos três parâmetros analisados (número de pontos dolorosos, EVA de dor e IM. As medianas do número de pontos dolorosos e da EVA de dor foram significativamente maiores antes do tratamento quando comparados ao final do tratamento com as sessões de acupuntura [14 (11-18 versus 10 (0-15, p=0,005; 6 (2-10 versus 3 (0-10, p=0,045; respectivamente]. Em contraste, a mediana do IM foi significativamente menor antes do tratamento [3,4 (2,49-4,39 versus 4,2 (2,71-5,99, p=0,02]. Nenhum dos pacientes com fibromialgia juvenil apresentou eventos adversos associados à acupuntura. CONCLUSÕES: Acupuntura é uma modalidade de Medicina Tradicional Chinesa que pode ser utilizada nos pacientes pediátricos com fibromialgia. Futuros estudos controlados serão necessários.OBJETIVO: Describir el uso de acupuntura en adolescentes con fibromialgia juvenil. MÉTODOS: Estudio retrospectivo realizado en pacientes con fibromialgia juvenil (criterios del Colegio Americano de Reumatología sometidos a al menos 11 sesiones

  9. Oficinas em sexualidade humana com adolescentes Workshop in human sexuality with adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alysson Massote Carvalho

    2005-12-01

    Full Text Available O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência de intervenção em orientação sexual com adolescentes em uma cidade do interior de Minas Gerais. Foram sujeitos da intervenção 50 estudantes da 8ª série do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade, divididos em 4 grupos, sendo relatada aqui a experiência vivida em um deles, contando com 13 participantes, com idades variando entre 13 e 15 anos, sendo 8 do sexo masculino e 5 do sexo feminino. Utilizando a metodologia de Oficinas em Dinâmica de Grupo procurou-se, juntamente com os adolescentes, a reflexão e elaboração de sentimentos, comportamentos e conhecimentos compartilhados face à sexualidade, levando em consideração suas angústias e inseguranças relacionadas ao tema, e concentrando-se em dialogar sobre os aspectos afetivos e históricos envolvidos na vivência da sexualidade. A partir da análise dos processos grupais, articulados a uma conscientização ético-política dos sujeitos envolvidos, observou-se uma reconstrução/ressignificação dos sentidos atribuídos à sexualidade, ao pertencimento de gênero e ao contexto social mais amplo.The objective of this study was to determine how the intervention in sexual guidance was experienced by adolescents in a small city in Minas Gerais. The research involved 50 8th grade students of the municipal elementary school, divided into 4 groups. This article focuses on only one of these groups, with 13 members, 8 male and 5 female, of ages varying from 13 to 15 years old. The methodology used was that of workshops in group dynamics in order for the adolescents to reflect on their feelings, behavior and knowledge, in relation to sexuality. Participants' distress and insecurity in facing the topic were taken into consideration, and emphasis was placed on the emotional aspect and the life history of the subjects involved, in their experiences with sexuality. The analysis of this group process, demonstrated a

  10. Problemas de saúde mental e tabagismo em adolescentes do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M B Menezes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre problemas de saúde mental e uso de tabaco em adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados 4.325 adolescentes de 15 anos da coorte de nascimentos de 1993 da cidade de Pelotas, RS. Tabagismo foi definido como fumar um ou mais cigarros nos últimos 30 dias. Saúde mental foi avaliada de acordo com o escore total do questionário Strengths and Difficulties Questionnaire e escore maior ou igual a 20 pontos foi considerado como positivo. Os dados foram analisados por regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo foi 6,0% e cerca de 30% dos adolescentes apresentaram algum tipo de problema de saúde mental. Na análise bruta, a razão de prevalências para tabagismo foi de 3,3 (IC95% 2,5; 4,2. Após ajuste (para sexo, idade, cor da pele, renda familiar, escolaridade da mãe, grupo de amigos fumantes, trabalho no último ano, repetência escolar, atividade física de lazer e uso experimental de bebida alcoólica, diminuiu para 1,7 (IC95% 1,2; 2,3 entre aqueles com problemas de saúde mental. CONCLUSÕES: Problemas de saúde mental na adolescência podem ter relação com o consumo de tabaco.

  11. Crianças e adolescentes com câncer em cuidados paliativos: experiência de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariana Vendrami Parra Sanches

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar a experiência dos familiares no cuidar de crianças e adolescentes com câncer, em cuidados paliativos, particularmente nos cuidados ao final da vida. Trata-se de uma pesquisa descritiva e exploratória, com análise qualitativa dos dados. Participaram do estudo 14 familiares, cuidadores de crianças e adolescentes que morreram por câncer, em acompanhamento em um hospital escola no estado de São Paulo. Os dados empíricos foram organizados ao redor de três temas: "O impacto do agravamento da doença na dinâmina familiar", "Comunicação de más notícias" e "A vivência da família diante dos cuidados paliativos". O estudo mostrou-se relevante para a assistência à criança e ao adolescente com câncer no fim da vida, pois as vivências complexas, dinâmicas e abrangentes das famílias no cuidado da criança e do adolescente poderão contribuir para a compreensão do processo de cuidar à luz dos fundamentos dos cuidados paliativos.

  12. Homofobia e sexualidade em adolescentes: trajetórias sexuais, riscos e vulnerabilidades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Silva Teixeira

    Full Text Available Esta pesquisa é um estudo transversal realizado junto a 2282 estudantes de ambos os sexos que cursavam as três séries do ensino médio em três cidades do interior do oeste paulista. O instrumento de coleta de dados empregado foi um questionário autoaplicável com 131 questões. Neste artigo, abordamos as trajetórias sexuais de adolescentes de ambos os sexos que mantêm práticas sexuais homoeróticas ou não. Discutimos as relações desses adolescentes com seus familiares e grupos de pares e a questão de sair do armário como ferramenta política. Tendo como base as concepções de Sedgwick, analisamos os momentos em que sair do armário pode ser uma entre tantas maneiras de manifestação das diferentes sexualidades em relação à heteronormatividade. Apoiando-nos nas colocações de teóricos pós-estruturalistas, abordamos também as construções teóricas e as produções discursivas sobre a adolescência, apontando novas manifestações da juventude na contemporaneidade. Por fim, percebemos a existência de amplos fatores que afetam as decisões de jovens não heterossexuais quanto a sair (ou não do armário para além da homofobia: eventos pessoais, histórias de vida e mesmo a revelação de sua sexualidade aos pais e/ou a outras pessoas.

  13. Prevalência e fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes Prevalence and factors associated to overweight and obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nicole Gomes Terres

    2006-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e os fatores associados ao sobrepeso e à obesidade em adolescentes de zona urbana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, realizado no município de Pelotas, Rio Grande do Sul, de 2001 a 2002. Adolescentes entre 15 e 18 anos de idade foram medidos, pesados e responderam a questionário auto-aplicável. De 90 setores sorteados, foram visitados 86 domicílios em cada setor, totalizando 960 adolescentes. A prevalência de sobrepeso e obesidade foi definida a partir do índice de massa corporal, mediante a utilização dos pontos de corte, ajustados à idade e ao sexo. Realizou-se análise multivariada com regressão de Poisson, considerando um modelo hierárquico das variáveis associadas ao sobrepeso e à obesidade. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso e de obesidade foi 20,9% e 5%, respectivamente. A relação entre a obesidade e idade e escolaridade do adolescente foi inversa. Verificou-se associação de sobrepeso e obesidade com o relato de obesidade dos pais (p=0,03 e maturação sexual do adolescente (p=0,01. Os hábitos de fazer dieta e omitir refeições foram associados à obesidade, com riscos de 3,98 (IC 95%: 1,83-8,67 e 2,54 (IC 95%: 1,22-5,29, respectivamente. CONCLUSÕES: A prevalência de sobrepeso e obesidade na região são preocupantes a despeito do comportamento dos adolescentes para prevenir a obesidade. É necessária a implantação de campanhas mais eficazes, direcionadas a orientar melhor os adolescentes.OBJECTIVE: To assess the prevalence and factors associated to overweight and obesity in urban area adolescents. METHODS: A cross-sectional population-based study was carried out in the municipality of Pelotas, Southern Brazil, between 2001 and 2002. Adolescents between 15 and 18 years old were weighed, measured and asked to complete a self-administered questionnaire. Of 90 areas drawn, 86 dwellings were visited in each area, comprising a total of 960 adolescents

  14. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  15. Efeitos da terapia multidisciplinar de longo prazo sobre a composição corporal de adolescentes internados com obesidade severa

    OpenAIRE

    2009-01-01

    OBJETIVO: Descrever os efeitos da terapia multidisciplinar de longo prazo sobre a composição corporal de adolescentes obesos severos internados. MÉTODOS: Um total de 728 adolescentes obesos extremos, incluindo 249 meninos (15,25±1,56 anos) e 479 meninas (15,34±1,59 anos), recebeu terapia multidisciplinar durante um período de 3 a 9 meses. A terapia consistiu de redução da ingestão energética, orientação dietética, exercícios físicos e terapia psicológica. A composição corporal foi analisada p...

  16. Erosão dental em adolescentes com sintomas de transtornos alimentares

    OpenAIRE

    Lima, Rodrigo César Alves de

    2014-01-01

    A adolescência é definida pela Organização Mundial de Saúde como período da vida que compreende a faixa etária entre 10 e 19 anos. É um período propenso ao desenvolvimento da insatisfação com o próprio corpo. Inseridos numa sociedade que priorizam a magreza como marco do sucesso e beleza, adolescentes passam por sacrifícios, como dietas exageradas, jejuns prolongados e exercícios físicos excessivos. Esses hábitos podem contribuir para o aparecimento de condutas patológicas em relação ao padrã...

  17. Personalidade e comportamentos problema: um estudo comparativo com adolescentes em contexto escolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato G. Carvalho

    2014-03-01

    Full Text Available Neste estudo transversal analisámos a relação entre os comportamentos problema ao nível da indisciplina, desrespeito e conflituosidade dos adolescentes, em contexto escolar, e a personalidade e a psicopatologia, operacionalizadas nas dimensões PSY-5 do MMPI-A. Participaram no estudo 351 estudantes do 9º ao 12º ano, com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, distribuídos em três grupos diferentes, de acordo com o reporte da frequência de comportamentos problema. Os instrumentos foram a versão experimental portuguesa do MMPI-A e um questionário sobre diferentes dimensões do percurso escolar, em que se incluem os comportamentos problema. Através de análise estatística multivariada, verificámos diferenças significativas entre os grupos nas dimensões PSY-5, num padrão em que o grupo de maior frequência de comportamentos problema apresenta resultados superiores no MMPI-A. Os resultados são interpretados numa perspetiva que sublinha a relevância da personalidade na adaptação à vida escolar, bem como a importância da existência de técnicas de avaliação psicológica de forma a detetar, em contexto de normalidade, estudantes em risco de desenvolvimento de trajetórias inadaptativas.

  18. Sono, morbilidade psicológica, funcionamento familiar, competências sociais e estilo de vida em adolescentes

    OpenAIRE

    Pucci, Silvia

    2014-01-01

    Tese de doutoramento em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Saúde) A adolescência é uma fase marcada por grandes e significativas mudanças na vida do indivíduo. Estas mudanças contemplam esferas biopsicossociais e podem ser percebidas mais especificadamente em relação a arquitectura do sono dos jovens. Além disto, alterações na qualidade ou quantidade do sono podem impactar de forma bastante significativa diversos aspectos da vida do adolescente. A amostra foi c...

  19. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane C. Rosendo da Silva

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  20. Nível de atividade física em adolescentes do Município de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Rosane C. Rosendo da

    2000-01-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo investigar o nível de atividade física (AF de adolescentes de Niterói, Rio de Janeiro. Alunos (n = 325 da rede pública de ensino tiveram seus AF avaliados pelo questionário de Crocker et al. (1997, PAQ-C. Dados antropométricos (massa corporal, estatura e índice de massa corporal e horas que assistem à televisão (TV também foram coletados. As médias dos escores do PAQ-C foram 2,3 e 2,0 para meninos e meninas, respectivamente (p < 0,01. A média de TV foi de 4,4 e 4,9 horas/dia para os sexos masculino e feminino. As atividades físicas mais praticadas foram o futebol entre os meninos e a caminhada entre as meninas. Os adolescentes apresentaram maior nível de atividade nos finais de semana em comparação aos dias de semana. Os valores do PAQ-C classificaram 85% dos meninos e 94% das meninas como sedentários. Os resultados encontrados alertam para a alta prevalência de sedentarismo neste grupo, aumentando a probabilidade de adultos sedentários. No entanto, outros estudos devem ser desenvolvidos para determinação de AF durante toda a adolescência e dos fatores determinantes da atividade física regular.

  1. Insatisfação corporal, prática de dietas e comportamentos de risco para transtornos alimentares em mães residentes em Santos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Baeza Scagliusi

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a insatisfação corporal, a prática de dietas e os comportamentos de risco para transtornos alimentares em uma amostra de mães residentes no município de Santos. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, com 453 mães de filhos com até 10 anos de idade. As mães responderam ao Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26, à Escala de Figuras de Stunkard e a uma questão sobre a prática atual de dietas. RESULTADOS: Das mães, 29,9% apresentaram escore positivo para os comportamentos de risco para transtornos alimentares e 21,8% estavam fazendo dieta para emagrecer no momento da entrevista. No tocante à imagem corporal, 17,5% das mães estavam satisfeitas com o seu tamanho corporal, 71,5% gostariam de diminuir seu tamanho corporal e 11,0% gostariam de aumentá-lo. Os comportamentos de risco para transtornos alimentares foram mais frequentes nas mães insatisfeitas com seus tamanhos corporais (p < 0,0001. CONCLUSÃO: A maioria das mães investigadas estava insatisfeita com os seus tamanhos corporais. A frequência de mães que praticavam dietas ou tinham comportamentos de risco para transtornos alimentares foi similar ou superior aos demais estudos nacionais, conduzidos, em sua maioria, com populações consideradas de risco, como meninas adolescentes e jovens universitárias.

  2. Aspectos sociodemograficos e clinicos da qualidade de vida relacionada a saude bucal em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karen Glazer Peres

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência e identificar fatores sociodemográficos e parâmetros bucais associados ao impacto negativo da condição bucal na qualidade de vida de adolescentes. MÉTODOS: Foram analisados dados de 5.445 adolescentes entre 15 e 19 anos que participaram do inquérito nacional de saúde bucal (SBBrasil 2010, considerando a complexidade do desenho amostral. O desfecho foi a qualidade de vida relacionada à saúde bucal, avaliada por meio do questionário Oral Impacts on Daily Performance e analisada de forma discreta. As variáveis de exposição foram sexo, cor da pele, escolaridade, renda familiar, idade, cárie não tratada, perda dentária, dor de dente, oclusopatias, sangramento gengival, cálculo dentário e bolsa periodontal. Foram conduzidas análises de regressão de Poisson e apresentadas as razões de médias (RM, com respectivos intervalos de 95% de confiança (IC95%. RESULTADOS: Dos pesquisados, 39,4% relataram pelo menos um impacto negativo na qualidade de vida. Após o ajuste, a média do impacto negativo foi de 1,52 (IC95%1,16;2,00 vez maior no sexo feminino e 1,42 (IC95% 1,01;1,99, 2,66 (IC95% 1,40;5,07 e 3,32 (IC95% 1,68;6,56 vezes maior nos pardos, amarelos e indígenas, respectivamente, em relação aos brancos. Quanto menor a escolaridade, maior a média de impacto negativo (RM 2,11, IC95% 1,30;3,41, assim como em indivíduos com renda familiar até R$ 500,00 (RM 1,84, IC95% 1,06;3,17 comparados aos de maior renda. Encontrou-se maior impacto na qualidade de vida entre adolescentes com quatro ou mais lesões de cáries não tratadas (RM 1,53, IC95% 1,12;2,10, uma ou mais perdas dentárias (RM 1,44, IC95%1,16;1,80, com dor de dente (RM 3,62, IC95% 2,93;4,46 e com oclusopatia grave (RM 1,52, IC95% 1,04;2,23 e muito grave (RM 1,32, IC95% 1,01;1,72. CONCLUSÕES: Os adolescentes brasileiros relataram alto impacto negativo da saúde bucal na sua qualidade de vida. A iniquidade em sua distribuição deve ser

  3. Variáveis pessoais e contextuais associadas a comportamentos de risco em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jana Gonçalves Zappe

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Este estudo investigou o engajamento de adolescentes brasileiros em comportamentos de risco (uso de substâncias, comportamento sexual de risco, comportamento antissocial e comportamento suicida, buscando identificar os fatores de risco e proteção pessoais e contextuais mais associados com esses comportamentos. Métodos Participaram 1.332 adolescentes de 12 a 19 anos (M = 15,68; DP = 1,60, de ambos os sexos. Resultados O engajamento em comportamentos de risco variou em função da idade e do sexo, e o uso de substâncias foi o tipo de comportamento de risco mais prevalente entre os que foram investigados. Os fatores significativamente associados à adoção desses comportamentos foram violência intra- e extrafamiliar, ter amigos próximos ou familiares que usam drogas, eventos estressores e elevado nível de autoeficácia; enquanto os fatores que se mostraram protetores foram elevado nível de autoestima, expectativas positivas quanto ao futuro e percepção de positividade nas relações com família, escola, religião e comunidade. Conclusão O estudo permitiu identificar algumas características da manifestação de comportamentos de risco na adolescência, com destaque para a prevalência mais alta do uso de substâncias e a coocorrência de diferentes tipos de comportamentos de risco. Dentre os fatores de risco mais associados com o engajamento em comportamentos de risco, destacaram-se a presença de eventos estressores ao longo da vida e a proximidade com amigos que usam drogas. A partir disso, sugere-se investir na minimização de fatores de risco e na potencialização de fatores protetivos para a promoção do desenvolvimento saudável durante a adolescência.

  4. Sedentarismo e variáveis clínico-metabólicas associadas à obesidade em adolescentes Inactivity and clinical and metabolic variables associated with adolescent obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila Trapp Abbes

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a associação da obesidade com variáveis metabólicas, variáveis clínicas e sedentarismo, em adolescentes pós-púberes de escolas públicas de São Paulo. MÉTODOS: Estudo caso-controle com 128 adolescentes obesos (índice de massa corporal > percentil 95 e 151 adolescentes eutróficos (índice de massa corporal entre percentis 5 e 85. Foram realizados exame físico, avaliação bioquímica e de composição corporal. Foi aplicado questionário previamente testado, que gerou um escore de sedentarismo. Na análise estatística, foi realizada a análise de variância com testes de comparações múltiplas de Bonferroni e qui-quadrado (Pearson. O modelo logístico múltiplo foi utilizado para verificar as associações entre variáveis clínicas, variáveis metabólicas, escore de sedentarismo e estado nutricional. RESULTADOS Por meio da análise de variância, foi identificado um gradiente nos valores médios das variáveis metabólicas e clínicas com piora dessas variáveis em paralelo ao aumento do grau de sedentarismo, o que foi confirmado pelo teste qui-quadrado. Na análise bivariada de riscos para obesidade, os adolescentes obesos apresentaram maiores frequências de sedentarismo, de alterações nos níveis de lipoproteína de alta densidade e triglicérides, de hiperinsulinemia e homeostasis model assessment for insulin resistence alterado, e de pressão arterial alterada (pOBJECTIVE: This study investigated the association of obesity with metabolic and clinical variables and inactivity in post-pubertal adolescents attending public schools in São Paulo City. METHODS: This was a case-control study with 128 obese adolescents (body mass indices >the 95th percentile, and 151 normal weight adolescents (body mass indices between the 5th and 85th percentiles. Physical examination and biochemical and body composition assessments were done. A pretested questionnaire was administered, generating an inactivity score. Analysis

  5. Autoestima e cárie dentária em adolescentes: um estudo seccional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Espíndola LUNARDELLI

    Full Text Available Resumo Introdução A cárie dentária na adolescência continua sendo um importante problema de saúde pública; entretanto, a sua relação com os fatores psicológicos é pouco estudada. Objetivo Estudar a possível associação entre aspectos de autoestima e cárie dentária em adolescentes. Material e método Estudo transversal envolvendo amostra de 409 adolescentes de 13 municípios do sul do Brasil. A cárie foi avaliada segundo critérios da Organização Mundial da Saúde e a autoestima, pela Escala de Rosenberg. O teste do qui-quadrado foi utilizado para determinar a significância estatística das associações. Para ajustar para variáveis de confusão, foi utilizada a regressão loglinear de Poisson com estimativa robusta. Resultado Foram observadas associações positivas entre presença de dentes cariados e alguns aspectos da escala de autoestima: “Às vezes, eu acho que não presto para nada” (p <0,001; “Eu gostaria de poder ter mais respeito comigo mesmo” (p=0,016, e “Eu, com certeza, me sinto inútil, às vezes” (p=0,022. Associação negativa foi observada com: “No conjunto, eu estou satisfeito comigo” (p=0,022. Na análise ajustada, os adolescentes com dentes cariados apresentaram maior prevalência de respostas positivas para a questão “Às vezes, eu acho que não presto para nada” [RP= 1,23 (IC 95% 1,05; 1,44] e maior prevalência de respostas negativas para a questão “No conjunto, eu estou satisfeito comigo” [RP= 1,12 (IC 95% 1,02; 1,24]. Conclusão Aspectos da autoestima foram, independente e significativamente, associados com a presença de dentes cariados.

  6. Drogadição e atos infracionais na voz do adolescente em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Eni Fernandes Nunes Pereira

    Full Text Available Por meio das abordagens sistêmica e psicossocial, o presente estudo tem como objetivo descrever e discutir a relação entre os níveis de dependência relacional das drogas e a prática de atos infracionais entre os jovens, na perspectiva do adolescente em conflito com a lei. As informações foram coletadas por entrevistas semi-estruturadas, aplicadas em 29 adolescentes, autores de infração, da Vara da Infância e Juventude de Brasília. O método de análise refere-se à análise de conteúdo do tipo construtivo-interpretativo. Os resultados apontam várias conexões entre os níveis de dependência relacional das drogas (efeitos, crenças, relações afetivas, pares, provedores, fornecedores e a prática de infrações. Os diferentes níveis de dependência identificados na voz dos adolescentes mostram a multiplicidade e complexidade das relações entre a drogadição e a prática de atos infracionais entre jovens e, portanto, a necessidade de um trabalho de intervenção em rede.

  7. Habilidades sociais e abuso de drogas em adolescentes Social skills and drug abuse in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Fortes Wagner

    2007-12-01

    Full Text Available O presente estudo propõe uma revisão bibliográfica sobre habilidades sociais e abuso de substâncias. Este artigo foi elaborado a partir de pesquisa nas Bases de Dados Pschynfo, Web of Science, Cochrane Library, Proquest, Medline e Lilacs, entre 1996 e 2006. Os descritores foram: social skills, social skills training, social competence, assertiveness, adolescents, teeenagers, substance abuse, drug abuse, cannabis e marijuana. Nas bases de língua portuguesa, foram: habilidades sociais, treinamento em habilidades sociais, assertividade, adolescentes, abuso de substâncias, drogas e maconha. Os estudos, a maioria de língua inglesa, apontaram a existência de déficits, principalmente a dificuldade em resistir às drogas e dizer não. Conclui-se que a construção de habilidades de resistência ao oferecimento de drogas, a auto-eficácia e o estímulo à capacidade de tomada de decisões pode reduzir o uso de substâncias. Poucos estudos brasileiros foram encontrados abordando esta temática.The present article proposes a bibliographic revision on social skills and drug abuse. This article was elaborated from a research in the following Databases: Pschynfo, Web of Science, Cochrane Library, Proquest, Medline and Lilacs, between 1996 and 2006. The used describers were: social skills, social skills training, social competence, assertiveness, adolescents, teenagers, substance abuse, drug abuse, cannabis and marijuana. In the databases in Portuguese language we used the terms habilidades sociais, treinamento em habilidades sociais, assertividade, adolescentes, abuso de substâncias, drogas and maconha. The studies, the majority of which were in English, pointed the existence of deficits, mainly the difficulty in resisting to drugs and in saying no. It can be concluded that the construction of resistance skills to the offering of drugs, self-efficacy training and the stimulation of decision making capabilities can reduce substance use. Few Brazilian

  8. QUALIDADE DE SONO E SUA ASSOCIAÇÃO COM SINTOMAS PSICOLÓGICOS EM ATLETAS ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Cordeiro Gomes

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar a prevalência de má qualidade de sono e sua associação com características pessoais e sintomas de depressão, ansiedade e estresse em adolescentes atletas amadores. Métodos: Foram avaliados 309 adolescentes atletas, entre 10 e 19 anos. Para a coleta de dados foram utilizados: questionário estruturado, contendo informações pessoais; Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI; e Escala de Ansiedade, Depressão e Stress de 21 itens (EADS-21. Na análise descritiva foram calculados a média e o desvio padrão das variáveis numéricas e as frequências absolutas e relativas das variáveis categóricas. Para a análise inferencial foram realizados teste t de Student e teste do qui-quadrado, além de regressão de Poisson, sendo calculadas as razões de prevalência (RP em um intervalo de confiança de 95% (IC95%. Resultados: A média de idade dos participantes foi de 14,1±2,1, sendo 13,8±2,0 para o grupo de adolescentes com boa qualidade do sono e 15,0±2,1 para o grupo com má qualidade do sono. A má qualidade do sono foi registrada em 28,2% (n=87, a depressão, em 26,9% (n=83 e a ansiedade/estresse, em 40,1% (n=124 da amostra. A má qualidade do sono se associou à faixa etária de 15 a 19 anos (RP 1,24; IC95% 1,14-1,37, a adolescentes com sobrepeso (RP 1,12; IC95% 1,01-1,24 e com sintomas de depressão (RP 1,23; IC95% 1,08-1,40 e de ansiedade/estresse (RP 1,16; IC95% 1,04-1,28. Conclusões: A presença de sobrepeso e sintomas psicológicos, bem como a idade superior a 15 anos, se mostraram fatores de risco para aumentar a chance da má qualidade do sono em adolescentes atletas.

  9. Substituição de refeições por lanches em adolescentes Sustitución de comidas por meriendas entre adolescentes Replacement of meals with snacks among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Solimani Teixeira

    2012-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência da substituição do almoço e do jantar por lanches em adolescentes e a associação com estado nutricional e sexo, assim como avaliar os alimentos que substituem as refeições. MÉTODOS: Estudo transversal com 106 adolescentes do ensino médio de uma escola técnica localizada no município de São Paulo, que responderam a um questionário sobre atitudes alimentares a partir do qual foi avaliada a frequência de substituição do almoço e do jantar por lanche e os alimentos substitutos. Foram aferidos o peso e a altura para o cálculo do índice de massa corpórea por idade, e a classificação do estado nutricional de acordo com o critério da Organização Mundial da Saúde. Foi realizada análise descritiva com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Um terço dos adolescentes substituiu o almoço e metade deles substituiu o jantar por lanches. Verificou-se que mais meninas costumavam substituir refeições. Observou-se maior prevalência de substituição do almoço (40% e do jantar (70% por lanche entre adolescentes obesos. Sanduíches, salgados, pizzas e hambúrgueres foram os principais substitutos das refeições. CONCLUSÕES: Verificou-se prevalência elevada de substituição de refeições principais, principalmente do jantar, por lanches. Os substitutos do almoço e do jantar apresentavam, em sua maioria, alta densidade energética e baixo valor nutritivo.OBJETIVOS: Verificar la prevalencia de la sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas entre adolescentes y la asociación con estado nutricional y sexo y evaluar los alimentos que sustituyen las comidas. MÉTODOS: Estudio transversal, con 106 adolescentes de la secundaria de una escuela técnica, ubicada en el municipio de São Paulo, que contestaron a un cuestionario sobre actitudes alimentarias, a partir del que se evaluó la frecuencia de sustitución del almuerzo y de la cena por meriendas y los alimentos sustituidos. Fueron

  10. Psicoterapia baseada em evidências em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    Pheula, Gabriel Ferreira; Isolan, Luciano Rassier

    2007-01-01

    CONTEXTO: O termo tratamentos baseados em evidências refere-se a intervenções que possuem evidência de eficácia em pesquisas empíricas. Tratamentos psicológicos baseados em evidências têm sido identificados como um objetivo principal nos Estados Unidos, e, atualmente, há uma clara orientação em direção à sua indicação para os transtornos psiquiátricos mais prevalentes. OBJETIVO: Revisar a efetividade de intervenções psicossociais para as principais formas clínicas dos transtornos mentais na i...

  11. Recomendações para oxigenoterapia domiciliar prolongada em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola V. Adde

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Orientar pediatras, neonatologistas, pneumologistas, pneumologistas pediátricos e outros profissionais envolvidos na área sobre as principais indicações e as particularidades da oxigenoterapia domiciliar prolongada em crianças e adolescentes. FONTES DOS DADOS: Pesquisa bibliográfica na base de dados MEDLINE/PubMed (1990 a 2011. Adicionalmente, referências de estudos selecionados foram incluídas. Como para muitos dos aspectos não existem evidências científicas consistentes, algumas recomendações citadas foram feitas com base em experiência clínica. SÍNTESE DOS DADOS: Oxigenoterapia domiciliar prolongada tem sido uma prática crescente nos pacientes pediátricos e se encontra indicada em casos de displasia broncopulmonar, fibrose cística, bronquiolite obliterante, pneumopatias intersticiais, hipertensão pulmonar, etc. Ressaltam-se como benefícios: redução de internações, otimização do crescimento físico e do desenvolvimento neurológico, melhora da tolerância ao exercício e da qualidade do sono e prevenção da hipertensão pulmonar/. Os níveis de saturação de oxigênio indicativos para a oxigenoterapia diferem dos estabelecidos para adultos com doença pulmonar obstrutiva crônica e variam de acordo com a doença e faixa etária. Para a avaliação da saturação de oxigênio, utiliza-se a oximetria de pulso, sendo a gasometria arterial dispensável. Há três fontes de oxigênio disponíveis: cilindros gasosos, oxigênio líquido e concentradores de oxigênio. Os fluxos utilizados costumam ser menores, assim como o número de horas/dia necessários, quando comparados ao uso em adultos. Em algumas doenças há melhora, e a suspensão do oxigênio é possível. CONCLUSÕES: Oxigenoterapia domiciliar prolongada é uma terapêutica cada vez mais comum em pediatria e suas indicações são numerosas. Há particularidades relevantes quando comparada aos adultos em relação às indicações, modo de uso e

  12. Crime e castigo reflexões sensíveis sobre adolescentes privados de liberdade em Uberlândia

    OpenAIRE

    2006-01-01

    Na presente dissertação procuro apresentar ao leitor o resultado das reflexões propiciadas por uma pesquisa feita diretamente com adolescentes em conflito com a lei, internos na instituição de aplicação de medida sócio educativa em Uberlândia, Minas Gerais, o CISAU (Centro de Integração Social de Uberlândia). Realizadas entre 2002 e 2003, as entrevistas e a observação de campo foram a realidade concreta sobre a qual se pautaram as reflexões sobre uma importante questão na histó...

  13. Condiloma Acuminado em Crianças e Adolescentes Condyloma Acuminatum in Children and Adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Francis Benevides Rehme

    1998-08-01

    Full Text Available Objetivo: analisar os fatores epidemiológicos, manifestações clínicas e forma de tratamento da infecção pelo papilomavírus. Métodos: todos os casos de condiloma acuminado em crianças e adolescentes atendidas no período de 1990 a 1995 no Ambulatório de Ginecologia Infanto-Puberal foram revisados, tendo sido coletados dados referentes a idade, manifestações clínicas, local das lesões, formas de transmissão e tratamento. Resultados: entre os 18 casos estudados, a média de idade foi de 6 anos e 11 meses (variando de 2 a 15 anos. A manifestação clínica mais comum foi a presença de verrugas (61,1%. As lesões eram localizadas na região vulvoperineal em 44,4% das pacientes, sendo que lesões perianais e vulvares foram observadas em 27,8% e 22,2% dos casos, respectivamente. Não foi possível confirmar a ocorrência de abuso sexual nem de lesões condilomatosas nos pais em 66,7% dos casos. Provável abuso sexual (não-confirmado foi relatado em 2 casos. A terapêutica básica foi a cauterização química. Conclusões: o abuso sexual em crianças e adolescentes com condiloma acuminado deve ser investigado, apesar da existência de outras formas de transmissão, incluindo auto ou heteroinoculação. As formas de apresentação na idade jovem diferem das do adulto, sendo necessária uma terapêutica adequada a essa população.Parpose: to analyze the epidemiologic factors, clinical manifestations and forms of treatment of infection with papiloma virus. Method: all cases of condyloma acuminatum in children and adolescents assisted in the period from 1990 to 1995 in the Service of Children and Adolescent Gynecology were revised. We present the following data: age, diagnosis, clinical manifestations, sites of the lesions, transmission modes and treatment. Results: the average age of the 18 studied cases, was 6 years and 11 months (ranging from 2 to 15 years. The most common clinical manifestation was the presence of warts (61.1%. The

  14. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes

    OpenAIRE

    Dunker, Karin Louise Lenz [UNIFESP; Fernandes,Cássia Peres Bonar; Carreira Filho,Daniel

    2009-01-01

    OBJETIVO: Investigar comportamentos de risco para transtornos alimentares (TA) em adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. MÉTODO: 183 adolescentes do sexo feminino de 15 a 18 anos de duas escolas (pública e particular) foram avaliadas quanto à renda e escolaridade dos pais, estado nutricional, comportamentos de risco para TA (Teste de Atitudes Alimentares - EAT-26), atitudes socioculturais quanto à aparência (Escala das Atitudes Socioculturais Voltadas para Aparência - SATAQ-3), pe...

  15. Adolescentes em conflito com a lei Adolescents in conflict with the law

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseana Mara Aredes Priuli

    2007-10-01

    Full Text Available O estudo focou o adolescente autor e vítima da violência, fenômeno crescente no Brasil. Dados coletados dos prontuários dos internos de São José do Rio Preto e seleção das variáveis: local de moradia, idade, escolaridade, tipo e local das infrações, uso de drogas e ocupação, composição familiar, renda, escolaridade e trabalho dos pais. Os resultados revelaram perfil sociodemográfico, infracional e relacional de parte significativa com 17 anos, ensino fundamental incompleto, evadido da escola, sem trabalho e residente na região norte, de menor poder socioeconômico. A infração de maior percentual foi roubo, seguida de furto, tentativa de homicídio, homicídio, roubo qualificado, tráfico de drogas e roubo com morte, nos bairros da região norte. A maioria usava tabaco, maconha, álcool, crack; a minoria, cocaína, thinner e cola. Detectou-se realidade precária de familiares com baixo nível de renda, escolaridade, profissão e abuso de álcool, contribuindo para transformar os adolescentes em vítimas. A maioria das mães, provedora do lar, principal figura na internação e mediadora entre o adolescente, o poder judiciário e a comunidade. Considerando o elevado custo da violência interpessoal, concluímos, nesse estudo, a necessidade de políticas públicas para crianças e adolescentes na cidade de São José do Rio Preto.This study is focused on teenagers who behave violently and who are also victims of violence. The data was collected from records of adolescent inmates in São José do Rio Preto. The variables selected were: place of residence, age, education level, type of offense, drugs use, family income, parent education levels, jobs. The findings disclose a social and demographic profile for teenagers around seventeen years old with only elementary education. The most common offence was robbery; followed by theft, homicide, drug dealing, and robbery leading to death. Most of these teenagers smoked tobacco and

  16. A criança e o adolescente com câncer em cuidados paliativos: experiência de cuidar pela familia

    OpenAIRE

    Mariana Vendrami Parra

    2012-01-01

    No Brasil, atualmente, não há diretrizes estruturadas para os cuidados paliativos em pediatria e, muito menos, em hebiatria. Os familiares são participantes ativos no cuidado a criança e ao adolescente com câncer, especialmente na fase final da vida, período em que vivenciam o processo de morte e morrer e necessitam de vínculo com os serviços de saúde para manter a qualidade de vida de crianças e adolescentes com câncer e de seus familiares. O presente estudo tem como objetivo investigar...

  17. Ferro, cobre e zinco em adolescentes no estirão pubertário Iron, copper and zinc in adolescents during pubertal growth spurt

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia R.D. Urbano

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: verificar o estado nutricional relativo ao ferro, cobre e zinco e a correlação entre índice de massa corporal, níveis séricos e dietéticos desses elementos, em adolescentes durante o estirão pubertário. Métodos: estudo descritivo, do tipo corte transversal, envolvendo uma amostra de 47 adolescentes atendidos em ambulatório de adolescência clínica, durante o período de março a dezembro de 1999, que se apresentavam no estirão pubertário, do total de 360 que freqüentaram o ambulatório no período, sendo 19 rapazes na faixa etária de 12,3 a 16 anos, e 28 moças na faixa etária de 11,1 a 13,6 anos. Variáveis analisadas: dietética (recordatório de 24 horas, freqüência e registro alimentar para determinar a ingestão de ferro, cobre e zinco; antropométrica (peso e altura para aferição do índice de massa corporal; bioquímica (dosagem sérica de ferro pelo kit in vitro Diagnóstica, ferritina pelo kit Immulite, cobre e zinco por espectrofotometria de absorção atômica. Utilizou-se o coeficiente de Spearman para análise estatistíca. Resultados: dos 47 adolescentes em estirão pubertário, apresentaram ingestão adequada de: ferro (95% e 36%, cobre (53% e 57% e zinco (21% e 21% nos sexos masculino e feminino, respectivamente. A maioria dos adolescentes era eutrófica segundo os percentis do IMC. Bioquimicamente, os rapazes apresentaram valores normais para ferro e zinco em toda a amostra; para cobre em 95% e para ferritina em 84%. As moças também apresentaram valores normais de ferro e zinco; para cobre em 96,4% e para ferritina em 96%. Não houve correlação estatisticamente significante entre IMC e concentração sérica de ferro, ferritina, cobre e zinco, e entre concentração sérica e ingestão dietética dos minerais estudados, nem tampouco para a relação ferro sérico e ferritina. Conclusões: não se sabe, até o momento, se os níveis séricos de zinco e cobre flutuam durante o crescimento, ou se

  18. Qualidade de vida e sintomas depressivos em adolescentes com Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1)

    OpenAIRE

    Gabriela de Oliveira Pintar

    2015-01-01

    O objetivo geral deste trabalho foi avaliar a presença de sintomas depressivos e as possíveis influências do Diabetes Mellitus tipo I (DM1) na qualidade de vida de adolescentes com esta doença. Para alcançar tal objetivo foram avaliados adolescentes com DM1 (58) e sem DM1 (61) completando um total de 119 adolescentes avaliados; de ambos os sexos. Os locais de coleta de dados foram o Ambulatório de Endocrinologia da Criança e do Adolescente (ECA) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medici...

  19. Comportamento alimentar de adolescentes em relação ao consumo de frutas e verduras Adolescent eating behavior regarding fruit and vegetable intakes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natacha Toral

    2006-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo avaliou o comportamento alimentar pelo Modelo Transteorético e o estado nutricional de adolescentes de escolas de ensino técnico de São Paulo, quanto a seu consumo habitual de frutas e verduras. MÉTODOS: Investigaram-se o consumo alimentar habitual e a classificação nos estágios de mudança de comportamento, utilizando-se um questionário. Foram aferidos peso e altura para avaliação do estado nutricional pelo Índice de Massa Corporal. Para análise estatística, adotaram-se os testes "t" Student, Qui-Quadrado, Mann-Whitney e HSD-Tukey, com grau de significância de 5%. RESULTADOS: Observou-se baixa prevalência de desvios nutricionais entre os 234 participantes: 3,8% foram classificados como baixo peso e 12,4% apresentavam excesso de peso. Apenas 12,4% e 10,3% consumiam frutas e verduras, respectivamente, conforme o recomendado pela Pirâmide Alimentar. Cerca de um terço da amostra foi classificada tanto em pré-contemplação como em manutenção. Observou-se uma discrepância entre o consumo referido e a percepção alimentar, tendo em vista que 79,7% e 83,7% dos adolescentes acreditavam, erroneamente, que seu consumo de frutas e verduras, respectivamente, era saudável. CONCLUSÃO: O alto percentual de adolescentes em pré-contemplação evidencia a importância do desenvolvimento de estratégias específicas contra a maior resistência desses a modificações dietéticas. A percepção errônea quanto às características de uma dieta saudável e o baixo consumo de frutas e verduras classificam os adolescentes como grupo de risco, exigindo atenção especial para a promoção de hábitos alimentares saudáveis e garantia de qualidade de vida.OBJECTIVE: The purpose of this study was to evaluate the eating behavior using the Transtheoretical Model and the nutritional status of adolescents from technical schools of São Paulo regarding their usual fruit and vegetable intakes. METHODS: A questionnaire was used to

  20. A convivência familiar no processo socioeducativo de adolescentes em privação de liberdade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Cavalcanti de Medeiros

    2015-07-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é apresentar os resultados de pesquisa realizada acerca da convivência familiar de adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas de privação de liberdade. Foram realizadas rodas de conversa com familiares, bem como levantamento de informações em torno da participação das famílias nas rotinas socioeducativas, a partir da leitura dos Planos Individuais de Atendimento (PIAs de quinze adolescentes. O método utilizado neste estudo foi o da pesquisa-ação. De modo geral, os relatos apontaram para graves violações à convivência familiar, culpabilização da família e insuficiência nos acompanhamentos às famílias. Enfatiza-se no SINASE a necessidade de apoio e trabalho com familiares dos socioeducandos, partindo-se da compreensão que a cidadania do adolescente não pode ser efetivada se não compartilhada com sua família, bem como da necessidade de mudanças nas condições de vida dessas famílias, para que seja possível vislumbrar formas de inserção e acesso aos bens socialmente produzidos, que superem o envolvimento com atos infracionais.

  1. Indicadores da prática de atividade física e da qualidade do sono em escolares adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    Full Text Available Resumo O estudo objetivou investigar indicadores da prática regular de atividade física (AF e da qualidade do sono em escolares adolescentes em Pelotas (RS. A amostra de conveniência foi constituída de 85 alunos de ambos os sexos, entre 14 e 18 anos, que cursavam o ensino médio. Foi usado um questionário para medir nível de AF, horários de acordar e dormir, qualidade e tempo de sono e presença de parassônias. Os resultados indicaram que os rapazes foram mais ativos e que o tempo médio de sono dos adolescentes variou por volta de 7h30 m de segunda a quinta-feira, de 5h30 m às sextas-feiras e mais de 10 h nos fins de semana e feriados, independentemente do nível de AF. Concluiu-se que os hábitos de sono dos adolescentes foram desregrados e fora do padrão.

  2. Body weight perception among adolescents in Dubai, United Arab Emirates Percepción del peso corporal en los adolescentes de Dubai, Emiratos Árabes Unidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. O. Musaiger

    2012-12-01

    Full Text Available This study investigated the body image perceptions among adolescents in Dubai, United Arab Emirates (UAE. A cross-sectional survey was conducted amongst 661 adolescents (324 males; 337 females aged 12-17 years selected from government schools using a multistage stratified random sampling technique. A pretested validated questionnaire was employed to determine the perception of adolescents toward their weight status. A nine figure silhouette illustration was used to measure perceptions of their ideal body image and how it compares with their current body weight. The results reveled that overweight (18.5% and obesity (27.2% were higher among males than in females (13.1% and 20.5% respectively. A high proportion of overweight males and females considered themselves as average (45.0% and 52.3%, respectively. Similarly, 56.9% of obese male and 46.4% of females considered themselves as average weight. Of non-overweight/obese males and females, 27.6% and 39.3% respectively, were pressured by parents to gain weight (p > 0.000. In general overweight and obese adolescents were more likely to face pressure from their parents and teased by friends than non-overweight/obese adolescents. Compared to their current body image, overweight and obese adolescents chose a significantly lighter figure as their ideal (p Este estudio investigaba la percepción de la imagen corporal en los adolescentes de Dubái, Emiratos Árabes Unidos (EAU. Se realizó una encuesta transversal entre 661 adolescentes (324 chicos; 337 chicas con edades de 12-17 años, seleccionados de colegios públicos utilizando una técnica de muestreo aleatorio estratificado en varias etapas. Se empleó un cuestionario validado y previamente testado para determinar la percepción de los adolescentes con respecto a su peso. Se usó la ilustración de una silueta de los nueves para medir las percepciones de su imagen corporal ideal y cómo se comparaba con su peso corporal real. Los resultados

  3. Síndrome metabólica em adolescentes com sobrepeso e obesidade Metabolic syndrome in obese and overweight adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilisa Stenghel F. Souza

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar a prevalência da síndrome metabólica em adolescentes acompanhados em ambulatório de obesidade. MÉTODOS: Foram avaliados 84 adolescentes com idades entre dez e 19 anos, divididos em dois grupos, de acordo com o escore Z do índice de massa corpórea (Z IMC, sendo um o grupo de adolescentes com sobrepeso (GSP e o outro, o grupo de adolescentes obesos (GOB. GSP: Z IMC>1 e 2 (2,4±0,6, 32M/26F. Três ou mais dos critérios a seguir foram considerados no diagnóstico da síndrome metabólica e avaliados pelo teste do qui-quadrado entre os grupos: Z IMC>2; triglicérides em jejum >130mg/dL; lipoproteína de alta densidade 100mg/dL ou homeostatic model assessment index (HOMA >2,5; elevação da pressão arterial acima do percentil 90 ajustada para gênero, estatura e idade. RESULTADOS: A prevalência da síndrome metabólica esteve significantimente elevada nos adolescentes obesos (GOB: 40% versus GSP: 4%, p=0,0008. O grupo GOB mostrou maiores valores referentes a insulinismo (54% versus 19%, p=0,003, HOMA (66% versus 38%, p=0,01 e trigliceridemia (21% versus 4%; p=0,04. CONCLUSÕES: É importante que o pediatra fique atento aos sinais de síndrome metabólica em adolescentes obesos. A detecção precoce pode ser feita por meio de simples parâmetros e permite a adoção de medidas preventivas para o desenvolvimento da doença cardiovascular em adolescentes.OBJECTIVE: Evaluate the prevalence of metabolic syndrome in adolescents followed in an outpatient obesity clinic. METHODS: 84 adolescents (ten to 19 years old were divided in two groups, one composed by overweight adolescents (OWG and the other, by obese adolescents (OBG, according to Z scores of the body mass index (Z BMI. OWG: Z BMI>1 and 2 (2.4±0.6; 32M/26F. Three or more criteria were considered to define the presence of metabolic syndrome and tested by chi-square: Z BMI>2; fasting triglycerides >130mg/dL; high-density lipoprotein cholesterol 100mg/dL or homeostatic model

  4. Comparação de três equações para predição da gordura corporal por bioimpedância em jovens obesas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendell Arthur Lopes

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A impedância bioelétrica (BIA tem sido bastante utilizada para o monitoramento da composição corporal em indivíduos de diferentes idades e estados nutricionais. Entretanto, não se sabe qual das equações propostas para crianças e adolescentes é a mais recomendada para utilização em adolescentes com excesso de peso. Objetivo: Verificar a concordância dos métodos de BIA usando três equações diferentes com a absorciometria de raio-X de dupla energia (DXA, para análise da composição corporal de adolescentes com sobrepeso e obesidade.MÉTODOS: Participaram do estudo 27 adolescentes do sexo feminino, com sobrepeso e obesidade. Foram avaliados o percentual de gordura corporal (%GC, a massa gorda (MG e a massa livre de gordura (MLG por DXA e por BIA utilizando as equações propostas por Houtkooper, Schaefer e Deurenberg. ANOVA oneway, gráficos de Bland-Altman e o coeficiente de correlação intraclasse foram utilizados para comparação e verificação da concordância entre os métodos.RESULTADOS: A BIA utilizando a equação proposta por Houtkooper foi a única que não apresentou diferença estatística significativa na estimativa de %GC, MG e MLG em comparação ao DXA e apresentou boa concordância com o DXA na estimativa de %GC (-1,9 ± 3,29%, MG (1,5 ± 2,59 kg e MLG (1,4 ± 2,60 kg, bem como boa reprodutibilidade para %GC (CCI = 0,81, MG (0,96 e MLG (0,89. As equações de Schaefer e de Deurenberg apresentaram menor concordância com o DXA, superestimando a MG e subestimando a MLG e apresentaram reprodutibilidade de moderada a baixa na maioria das medidas da composição corporal.CONCLUSÃO: Quando comparamos as três equações propostas para BIA com o DXA, verificamos que a equação proposta por Houtkooper foi a que melhor concordou com DXA e apresentou boa reprodutibilidade para estimar %GC, MG e MLG em adolescentes com sobrepeso e obesidade.

  5. Estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes semanas pós-parto Nutritional status of lactanting adolescents in different postpartum weeks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vilma Blondet de Azeredo

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as modificações do estado nutricional de nutrizes adolescentes em diferentes momentos no pós-parto. MÉTODO: estudo do tipo analítico observacional longitudinal, com acompanhamento de 50 nutrizes adolescentes da 5ª a 15ª semana pós-parto (SPP. O estado nutricional foi avaliado na 5ª, 10ª e 15ª SPP, com uso do Índice de Massa Corporal (IMC/idade. Foi utilizado o método colorimétrico para avaliação da hemoglobina e microcentrifugação para o hematócrito. Usou-se ANOVA com medidas de repetição e Tukey como pós-teste, para comparação das médias. Trabalhou-se com nível de significância de 5%. RESULTADOS: observou-se modificação no estado nutricional do período pré-gestacional para a 15ª SPP, com diminuição na frequência de voluntárias com baixo peso (de 21% para 9% e aumento nos casos de sobrepeso (de 21% para 27% e eutrofia (58% para 64%. Apesar de, em média, as concentrações de hemoglobina (12,3±1,7g/dL e hematócrito (39,0±4,0% apresentarem-se adequados, observou-se grande frequência de anemia (30% durante todo o período estudado. CONCLUSÃO: os resultados mostram incremento no peso corporal em função do tempo de lactação, aumentando o problema da obesidade na adolescência. Também foi apontado que a anemia é um problema nutricional, não apenas durante a gestação, mas também na lactação em adolescentes. Portanto, deve-se prevenir e tratar possíveis deficiências nutricionais subclínicas existentes neste momento biológico.PURPOSE: to evaluate changes in the nutritional status of lactating adolescents in different postpartum weeks. METHOD: this is an analytical, observational, longitudinal study. Lactating adolescents were followed-up from the 5th to the 15th postpartum week (PPW. The nutritional status was evaluated in the 5th, 10th and 15th PPW by the Body Mass Index (BMI/age. A colorimetric method was used to determine hemoglobin level and microcentrifugation to define

  6. Situation of mendicancy, child labor and child prostitution against children and teenagers in Londrina, Parana State--2006/Situacao de mendicancia, trabalho precoce e prostituicao infantil envolvendo criancas e adolescentes em Londrina, Estado do Parana--2006

    National Research Council Canada - National Science Library

    Martins, Christine Baccarat de Godoy; Jorge, Maria Helena Prado de Mello

    2009-01-01

    ... em que figuram criancas e adolescentes. A pesquisa, de natureza descritiva, objetivou estudar as circunstancias da mendicancia, trabalho e prostituicao infantil envolvendo menores de 15 anos residentes em Londrina, Estado do Parana...

  7. Salud familiar en familias con adolescente gestante Saúde familiar em famílias com adolescentes gestantes Family health in families with pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha cecilia Veloza Morales

    2012-01-01

    Full Text Available La investigación se basó en la teoría de organización sistémica de Marie Louse Friedemann; el objetivo fue describir el grado de salud familiar de familias con adolescente gestante. Estudio Descriptivo transversal comparativo, con abordaje cuantitativo donde se evaluó el grado de salud familiar a 100 familias atendidas en dos instituciones prestadoras de Salud (IPS en Bogotá, Colombia; se organizaron en dos grupos: la mitad de las familias con adolescentes gestantes que presentaron morbilidad en el tercer trimestre del embarazo y la otra mitad que no presentaron morbilidad; para la recolección de la información se utilizó el instrumento ISF GES 19 diseñado, implementado y probado por la doctora Pilar Amaya de Peña. Se obtuvo una visión global acerca de la salud familiar y se comparó el grado de salud familiar de acuerdo con las características halladas en cada uno de los grupos. Se concluye que las familias no sienten o no perciben el riesgo de sufrir o no una patología durante el embarazo, y por tanto, no afecta su grado de salud familiar el cual consideran saludable y satisfecho. Se invita a crear estrategias que conlleven a disminuir los riesgos de salud a que se expone la familia y la madre adolescente.Apesquisa foi baseada na teoria da organização sistémica de Marie Louse Friedemann; o objeto foi descrever o grau de saúde familiar das famílias com adolescentes gestantes. Estu-do descritivo transversal comparativo, com abordagem quan-titativa onde foi avaliado o grau de saúde familiar de 100 famí-lias atendidas em duas instituições fornecedoras de serviços de saúde (IPS em Bogotá, Colômbia. As 100 famílias foram organizadas em dois grupos: a metade das famílias com adolescentes gestantes que apresentaram morbidez no terceiro trimestre de gravidez e a outra metade conformada por aquelas famílias com adolescentes gestantes que não apresentaram morbidez; para a compilação da informação, utilizou-se o

  8. Contato corporal entre adolescentes através da dança de salão na escola Body contact between adolescents through ballroom dancing at school

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilza Coqueiro Pires de Sousa

    2011-12-01

    Full Text Available A finalidade deste estudo foi identificar a reação e percepção dos adolescentes em relação ao contato corporal bem como as expressões emocionais através da dança de salão. Participaram 42 adolescentes do ensino fundamental estadual do interior do Estado de São Paulo. A coleta de dados foi realizada em grupo através de uma filmagem da aula de dança de salão e aplicação de um questionário referente à vivência. Verificou-se que as experiências de dança propiciam uma maior proximidade corporal e demonstração de afetividade, pois parte dos participantes relatou bem estar, enquanto outros disseram sentir-se envergonhados ao dançar com parceiro do sexo oposto. Conclui-se que é preciso oportunizar mais atividades dançantes na escola relacionadas ao desenvolvimento biopsicossocial, pois a dança de salão pode auxiliar a interação promovendo o contato corporal e dessa forma pode ser um facilitador no processo das relações interpessoais entre osThe objective of this study was to identify the reaction and perception of adolescents in relation to body contact as well as emotional expressions through ballroom dancing. Forty-two adolescents from a public elementary school in the state of São Paulo participated in the study. Data gathering was conducted in groups by filming the ballroom dance class and applying a questionnaire about the experience. The dance experience was observed to provide greater body proximity and demonstration of affection, since part of the participants reported well-being, while others reported being embarrassed by dancing with a partner from the opposite sex. It was concluded that more dance activities related to biopsychosocial development need to be offered at school since ballroom dancing can help in interaction promoting body contact and thus facilitate in the process of interpersonal relations between adolescents.

  9. A manifestação da solidariedade em adolescentes: um estudo sobre a personalidade moral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise D´Aurea-Tardeli

    Full Text Available Este trabalho analisa a correlação entre o que adolescentes pensam sobre si mesmos e as projeções idealizadas de futuro, tendo como hipótese a manifestação da solidariedade relacionada à construção de um projeto ético de vida: se o despertar para a justiça ocorrer, a participação social solidária tornar-se-á central na formação da personalidade; do contrário, a solidariedade terá valor periférico. O corpo teórico se insere na Psicologia moral e do desenvolvimento. O método consistiu em depoimento escrito com 396 sujeitos, escolarizados, ambos os sexos, entre 16 e 18 anos. Foram utilizadas três histórias do PROM - Prosocial, Reasoning Objective Measure - e uma dissertação livre sobre como desejariam que suas vidas estivessem daqui a 10 anos. Os resultados apontaram imaturidade pró-social. Há a inclusão do outro nos planos de vida, mas de forma intersubjetiva. Somente uma pequena parcela demonstrou manifestações solidárias. concluiu-se que condutas pró-sociais dependem da construção moral na infância e na adolescência para as personalidades assumirem perspectivas éticas.

  10. Escala de atitudes face ao lazer em adolescentes e jovens adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Freire

    2007-04-01

    Full Text Available Atualmente, o lazer e as atitudes face ao lazer têm sido alvo de interesse na investigação psicológica, concretamente no domínio da Psicologia Social. O objetivo do presente estudo foi adaptar a escala Leisure Attitude Scale de Raghb e Beard, construída para avaliar as atitudes face ao lazer em função das três componentes de atitude (cognitiva, afetiva e comportamental para a população de estudantes, adolescentes e jovens adultos portugueses. Participaram no estudo 462 sujeitos (57,8% do sexo feminino e 42,2% do sexo masculino, com uma média de idades de 19,97 (desvio padrão de 4,85. Os resultados obtidos confirmam a estrutura e as características psicométricas da versão original, refletindo valores largamente aceitáveis de fidelidade (consistência interna e validade (validade de conteúdo quer para a escala total quer para as várias sub-escalas (cognitiva, afetiva e comportamental. Conclui-se pela adequação da escala na medida das atitudes face ao lazer, no contexto português.

  11. Ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes Pelvic ultrasonography in children and teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington de Paula Martins

    2009-12-01

    Full Text Available O conhecimento das mudanças que ocorrem no útero e ovários durante a puberdade é fundamental ao investigar alterações da pelve feminina em crianças e adolescentes. O exame ultrassonográfico nestas pacientes é rotineiramente realizado por via abdominal usando o líquido da bexiga como uma janela ultrassônica, embora possa ser algumas vezes realizado pela via vaginal em adolescentes sexualmente ativas. As principais indicações para ultrassonografia pélvica em crianças e adolescentes são a puberdade precoce ou atrasada, dor ou massas pélvicas, genitália ambígua, sangramento vaginal em crianças e amenorreia primária. Neste artigo relatamos a técnica do exame, além de descrever os achados mais freqüentes.The knowledge of uterine and ovarian changes in the puberty is essential in the investigation changes in the female pelvis of children and teenagers. In these patients, pelvic ultrasonography is routinely performed with a full bladder to produce an acoustic window, although this examination may also be performed with endovaginal approach in sexually active teenagers. Main indications for pelvic ultrasonography in children and teenagers are either early or delayed puberty, pelvic pain or tumors, ambiguous genitalia, vaginal bleeding in children, and primary amenorrhea. In the present paper, the authors describe the scanning technique and the most frequent sonographic findings.

  12. Indicadores de Desenvolvimento em Crianças e Adolescentes com QI Igual ou Inferior a 70

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Santos SOUZA

    Full Text Available RESUMO: este estudo teve o objetivo de buscar indicadores de desenvolvimento em crianças e adolescentes com dificuldades para aprender, com QI igual ou inferior a 70 no teste WISC-IV (compatível com o valor delimitado para o diagnóstico de deficiência intelectual. Fundamentou-se na perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano proposta por Vygotsky, especialmente no que se refere à distinção entre desenvolvimento real e potencial. Foram relatados estudos de caso com duas crianças. A coleta de dados ocorreu a partir de gravações em áudio de entrevistas semiestruturadas com os pais/responsáveis e com os profissionais da escola em que os participantes estavam matriculados, e gravações em vídeo das sessões de atendimento de um serviço de educação não formal que as crianças participavam regularmente. A análise de dados envolveu transcrição das entrevistas e elaboração de quadros com os modos de participação social e processos mentais superiores relatados, de cada criança/adolescente; exame das filmagens das sessões de atendimento, com transcrição e análise microgenética de episódios significativos. Os dados sugerem que, ao se enfatizar a busca de indicadores de desenvolvimento, pode-se obter uma visão abrangente de cada caso, de forma a contemplar, para além das limitações, as potencialidades das crianças e dos adolescentes.

  13. SAÚDE NA ESCOLA: EDUCAÇÃO, SAÚDE E INCLUSÃO EM ADOLESCENTES BRASILEIROS.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Kusano Bucalen Ferrari

    2013-04-01

    Full Text Available A promoção da saúde e da qualidade de vida (QV, bem como da prevenção de agravos á saúde é fundamental para os adolescentes. O presente estudo teve como objetivo mostrar e descrever a experiência de um projeto de educação de adolescentes para a promoção da saúde e prevenção de doenças. Este projeto buscou investigar os hábitos alimentares, a prática de atividades físicas, o risco de sobrepeso e obesidade, o estilo de vida (sono, tabagismo, etilismo, os conhecimentos sobre osteoporose e a QV. Os resultados preliminares identificaram seis questões psicossociais e de saúde prioritárias para os adolescentes: alimentação inadequada; desconhecimento da saúde óssea, grave insatisfação corporal e baixa autoestima, sedentarismo, ausência ou insuficiente conhecimento sobre saúde reprodutiva e uso precoce de tabaco, álcool e outras drogas. Além destes temas importantes, também foram realizadas palestras e dinâmicas de grupo abordando a temática da hipertensão arterial e das práticas corporais e educação física na escola. Deste modo, feito o diagnóstico inicial da saúde e QV, o projeto pretende contribuir para a melhoria de vida dos adolescentes.

  14. Avaliação da capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Silva Neves

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Objetivo Analisar a capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes com o uso da bioimpedância tetrapolar horizontal como referência. Métodos Estudo transversal feito com 411 alunos de 10 a 14 anos, de ambos os sexos, matriculados em escolas públicas e privadas, selecionados por processo amostral aleatório simples e estratificados de acordo com sexo, idade e proporção em cada instituição. Foi feita avaliação antropométrica e analisada a composição corporal por meio das bioimpedâncias bipolar vertical, tetrapolar horizontal e tetrapolar segmentada vertical. Foram construídas as curvas ROC com base nos cálculos de sensibilidade/especificidade para cada ponto das diferentes medições possíveis de gordura corporal do equipamento em questão. Posteriormente, foram executados os seguintes testes estatíticos: t de Student, correlação de Pearson e qui-quadrado de McNemar. Para a interpretação das variáveis, usou-se o software SPSS 17.0. Resultados A amostra foi composta por 53,7% meninas e 46,3% meninos. Do total, 20% e 12,5% exibiram, respectivamente, sobrepeso e obesidade. Os gráficos das medidas dos segmentos corporais refletiram-se em altos valores de sensibilidade e especificidade, além de elevadas áreas sob a curva ROC, que variaram de 0,83 a 0,95 para meninas e de 0,92 a 0,98 para meninos, o que sugere um desempenho levemente superior para o sexo masculino. O percentual de gordura total foi apontado como o critério mais eficiente do equipamento para a detecção do excesso de peso, enquanto a gordura segmentar do tronco apresentou-se como um indicador de precisão inferior. Conclusão A aparelho comportou-se satisfatoriamente na predição do excesso de peso.

  15. Indicadores antropométricos como preditores de pressão arterial elevada em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carmem Cristina Beck

    2011-02-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A hipertensão arterial está relacionada ao incremento da gordura corporal, a qual pode ser avaliada por meio de indicadores antropométricos. OBJETIVO: Determinar o poder preditivo de indicadores antropométricos e estabelecer seus pontos de corte como discriminadores de pressão arterial elevada. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com uma amostra de 660 adolescentes de 14 a 19 anos sendo 51,9% moças. Foram considerados os seguintes indicadores antropométricos: índice de massa corporal (IMC, circunferência da cintura, razão cintura/estatura e índice de conicidade. A pressão arterial elevada foi caracterizada por valores acima do percentil 90 para pressão arterial sistólica e/ou pressão arterial diastólica. Para identificação dos preditores de pressão arterial elevada, foi adotada a análise das curvas Receiver Operating Characteristic (ROC, com intervalo de confiança de 95%. Posteriormente, identificaram-se os pontos de corte com suas respectivas sensibilidades e especificidades. RESULTADOS: As áreas sob as curvas ROC com os intervalos de confiança foram: rapazes - circunferência de cintura = 0,80 (0,72-0,89; IMC = 0,79 (0,68-0,89; razão cintura/estatura = 0,77 (0,66-0,88; índice de conicidade = 0,69 (0,56-0,81 e para as moças - circunferência de cintura = 0,96 (0,92-1,00; IMC = 0,95 (0,87-1,00; razão cintura/estatura = 0,93 (0,85-1,00; índice de conicidade = 0,74 (0,50-0,98. Os diversos pontos de corte dos indicadores antropométricos com melhores poderes preditivos e suas respectivas sensibilidades e especificidades foram identificados. CONCLUSÃO: Apesar de a razão cintura/estatura e de o IMC terem apresentado boas áreas sob a curva ROC, sugere-se a utilização da circunferência de cintura para a predição da pressão arterial elevada.

  16. Plaqueta e leptina em adolescentes com obesidade Platelet and leptin in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denis Foschini

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Analisar a influência de obesidade na contagem de células imunológicas e na concentração dos hormônios cortisol e leptina, a fim de estabelecer uma relação entre as variáveis analisadas. MÉTODOS: Foram recrutados 27 adolescentes obesos [índice de massa corporal (IMC ≥ percentil 95[ e 21 não-obesos (IMC ≤ percentil 75, de ambos os sexos, com idade entre 15 e 19 anos, na fase pós-púbere. O IMC foi calculado através da divisão do peso pela altura ao quadrado e a composição corporal foi estimada por pletismografia no sistema Bod PodTM. Amostras de sangue foram colhidas para análise de leucócitos, neutrófilos, linfócitos, monócitos, plaquetas, cortisol e leptina. O teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado, seguido pelo teste t de Student independente supondo distribuição normal. O nível de significância estabelecido foi p OBJECTIVE: To analyze the influence of obesity status on immune cell count and concentration of the hormones cortisol and leptin, in order to establish a relationship among the variables analyzed. METHODS: We recruited 27 obese [body mass index (BMI ≥ 95th percentile[ and 21 non-obese (BMI ≤ 75th percentile adolescent boys and girls, aged 15-19 years at the post-pubertal stage. BMI was calculated as body weight divided by height squared, and body composition was estimated by plethysmography in the Bod PodTM system. Blood samples were collected to analyze leukocytes, neutrophils, lymphocytes, monocytes, platelets, cortisol, and leptin. The Kolmogorov-Smirnov test was performed, followed by the independent Student t test in case of normal distribution. Significance values were set at p < 0.05 and expressed as means ± standard deviation. The statistical package SPSS for Windows version 12.0 was used. RESULTS: There was no difference between obese and non-obese adolescents in terms of leukocyte, neutrophil, lymphocyte, monocyte and cortisol serum concentrations. The group of obese

  17. Tabagismo em amostra de adolescentes escolares de Salvador-Bahia Smoking among school adolescents in Salvador (BA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adelmo Souza Machado Neto

    2003-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: O hábito de fumar em geral se inicia na adolescência. No Brasil, as estimativas da freqüência deste hábito entre adolescentes variam de 1% até 35%. OBJETIVO: Estimar a prevalência do tabagismo entre os adolescentes da oitava série do ensino fundamental à terceira série do curso médio, em escolas de Salvador - Bahia, Brasil. MÉTODO: Feito um estudo do tipo corte transversal de caráter exploratório. Foram aplicados 3.500 questionários a alunos matriculados entre a 8ª série do ensino fundamental e a 3ª série do ensino médio, em cinco escolas da região metropolitana de Salvador (BA. Análise estatística: medidas descritivas e de associação (razão de prevalência e o teste t de Student e o do qui-quadrado. RESULTADOS: A prevalência do tabagismo entre adolescentes de Salvador (BA foi de 9,6%, considerando-se os 3.180 questionários válidos, sendo maior no sexo masculino (14% que no feminino (6%. À medida que aumentava a idade, elevava-se essa prevalência. A média de idade do início do tabagismo foi de 14 ± 2 anos. Dentre adolescentes, 46% experimentaram o cigarro e 20% destes continuaram fumando. Entre filhos de fumantes a freqüência foi maior. O número médio de cigarros consumidos por dia pelos adolescentes que fumavam diariamente (n = 132 foi de 7 ± 6, sendo maior no sexo masculino. CONCLUSÃO: A prevalência do tabagismo em uma amostra selecionada de adolescentes escolares de Salvador (BA foi de 9,6%, sendo maior entre os indivíduos do sexo masculino. A experimentação e a influência dos pais foram associadas ao tabagismo nos adolescentes.BACKGROUND: Most tobacco users become addicted during adolescence. In Brazil, smoking prevalence among teenagers varies from 1% to 35%. OBJECTIVE: To estimate the prevalence of smoking among teenagers, aged from 13 to 20, in fundamental and high school in Salvador, Bahia, Brazil. METHOD: Cross-sectional exploratory study. Thirty five hundred questionnaires were

  18. Metodologia para prevenir exposição ao mercúrio em adolescentes de garimpos de ouro em Mariana, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Volney de M. Câmara

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi promover a avaliação de uma metodologia educativa para identificar e refletir, criticamente, sobre os riscos à saúde de adolescentes causados pelo trabalho em garimpos de ouro. O projeto foi realizado com adolescentes que estudavam na Escola Estadual Cônego Braga do Distrito de Monsenhor Horta, Município de Mariana, Minas Gerais, Brasil. A avaliação dos resultados através de testes estatísticos revelou um significativo acréscimo de respostas corretas da primeira para a última fase sobre a definição de acidentes de trabalho e sua equiparação com as doenças do trabalho, os acidentes de trajeto e as agressões no local de trabalho.

  19. Metodologia para prevenir exposição ao mercúrio em adolescentes de garimpos de ouro em Mariana, Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Câmara Volney de M.

    1996-01-01

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo foi promover a avaliação de uma metodologia educativa para identificar e refletir, criticamente, sobre os riscos à saúde de adolescentes causados pelo trabalho em garimpos de ouro. O projeto foi realizado com adolescentes que estudavam na Escola Estadual Cônego Braga do Distrito de Monsenhor Horta, Município de Mariana, Minas Gerais, Brasil. A avaliação dos resultados através de testes estatísticos revelou um significativo acréscimo de respostas corretas da primeira para a última fase sobre a definição de acidentes de trabalho e sua equiparação com as doenças do trabalho, os acidentes de trajeto e as agressões no local de trabalho.

  20. Alterações das funções executivas em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Martins Dias

    2010-05-01

    Full Text Available Funções executivas constituem um conjunto de processos cognitivos que permitem a regulação da cognição e do comportamento, possibilitando o engajamento do indivíduo em ações complexas. Essas habilidades estão comprometidas em uma diversidade de condições clínicas e este artigo teórico teve como objetivo oferecer uma revisão não-sistemática de alguns quadros nos quais estas habilidades apresentam-se prejudicadas, sobretudo em crianças e adolescentes. Verificou-se que condições como transtorno do déficit de atenção e hiperatividade, transtorno obsessivo-compulsivo, síndrome de Tourette, transtornos globais do desenvolvimento, transtornos de aprendizagem como a dislexia e a discalculia, além de alterações cromossômicas, como a síndrome de Down e de Prader-Willi, cursam com algum grau de comprometimento do funcionamento executivo. Este conhecimento tem implicações à prática e à pesquisa psicológica e pode ser útil a profissionais que atuam com crianças e adolescentes com alguma destas condições, contribuindo a um maior conhecimento acerca das funções executivas e suas alterações.

  1. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  2. Composição corpórea, alterações bioquímicas e clínicas de adolescentes com excesso de adiposidade Composición corporal, alteraciones bioquímicas y clínicas de adolescentes con exceso de adiposidad Body composition, biochemical and clinical changes of adolescents with excessive adiposity

    OpenAIRE

    Hiara Miguel Stanciola Serrano; Gisele Queiroz Carvalho; Patrícia Feliciano Pereira; Maria do Carmo Gouveia Peluzio; Sylvia do Carmo Castro Franceschini; Silvia Eloiza Priore

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: Adolescentes com excesso de adiposidade e eutróficas apresentam as mesmas alterações metabólicas esperadas em indivíduos obesos. OBJETIVO: Avaliar a composição corpórea, alterações antropométricas, bioquímicas e clínicas de adolescentes do sexo feminino. MÉTODOS: Foram avaliadas 113 adolescentes de escolas públicas de Viçosa, MG, divididas em três grupos: grupo 1 - constituído por adolescentes eutróficas com excesso de gordura corpórea; grupo 2 - eutróficas com gordura corpórea de...

  3. Diabetes mellitus tipo 2: investigaÃÃo dos fatores de risco em adolescentes de escolas particulares de fortaleza

    OpenAIRE

    HÃrica Cristina Alves de Vasconcelos

    2008-01-01

    Objetivou-se, com este estudo, identificar os fatores de risco para diabetes tipo 2 numa populaÃÃo de adolescentes de escolas particulares da cidade de Fortaleza.Trata-se de um estudo transversal realizado com 794 alunos de 12 a 17 anos nos meses de maio, junho, agosto e setembro de 2007. Doze escolas particulares das seis regionais que compÃem a cidade de Fortaleza foram selecionadas. Utilizou-se um formulÃrio onde se registraram dados pessoais, caracterÃsticas sociodemogrÃficas, hÃbitos ali...

  4. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes de diferentes condições socioeconômicas Prevalence of overweight and obesity in children and adolescents of different socioeconomic conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giselia Alves Pontes da Silva

    2005-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: comparar as prevalências de sobrepeso e obesidade em um grupo de pré-escolares, escolares e adolescentes de diferentes condições socioeconômicas na cidade do Recife. MÉTODOS: estudo do tipo transversal envolvendo uma amostra de 1616 crianças e adolescentes, escolhida por conveniência. Os indicadores nutricionais foram definidos conforme as recomendações do National Center of Health Statistics 2000, sendo considerado sobrepeso o índice de massa corporal igual ou superior ao percentil 85 e inferior ao percentil 95 e obesidade, o índice de massa corporal igual ou superior ao percentil 95. RESULTADOS: foi identificado sobrepeso em 234 (14,5% indivíduos e obesidade, em 134 (8,3%. A prevalência de sobrepeso foi maior nos pré-escolares (22,2%, observando-se redução progressiva da freqüência nas faixas etárias de escolar (12,9% e adolescente (10,8%. Constatou-se fato idêntico quanto à obesidade, detectada em 13,8% dos pré-escolares, 8,2% dos escolares e 4,9% dos adolescentes. O sobrepeso e a obesidade foram mais observados entre crianças e adolescentes de melhor condição socioeconômica. CONCLUSÕES: as prevalências de sobrepeso e obesidade diminuíram à medida que ocorreu aumento da faixa etária. Entre os pré-escolares observou-se prevalência de sobrepeso semelhante, independente das condições socioeconômicas. A prevalência da obesidade foi maior entre escolares de boas condições socioeconômicas e adolescentes de baixa condição socioeconômica.OBJECTIVES: to compare overweight and obesity in preschool children, school children and adolescents belonging to different socioeconomic conditions. METHODS: cross-sectional and based on a 1616 children and adolescents sample. Nutritional indicators were defined according to the National Center of Health Statistics 2000 recommendations, overweight being BMI equal to or above 85 percentile and below percentile 95; obesity indicator being defined with BMI equal to

  5. Comparação entre duas coortes de mães adolescentes em município do Sudeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eleonora RO Ribeiro

    2000-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a prevalência de gravidez na adolescência e analisar variáveis sociobiológicas relacionadas ao binômio mãe-filho entre duas coortes de mães adolescentes de nascidos vivos em Ribeirão Preto (1978-1979 e 1994. MÉTODOS: Foram entrevistadas mães adolescentes logo após o parto, sendo 943 em 1978/79 e 499 em 1994, abrangendo nascidos vivos de parto único, de famílias residentes em Ribeirão Preto, SP. Foi utilizado o teste do qui-quadrado, com nível de significância de 0,05. RESULTADOS: O percentual de mães adolescentes aumentou de 14,1% em 1978/79 para 17,5% em 1994 (p<0,05, devido ao crescimento dos partos entre as jovens de 13 a 17 anos. Observou-se incremento da escolaridade, redução do hábito de fumar e aumento no número de consultas de pré-natal. Elevou-se a proporção de adolescentes sem companheiro, exercendo atividade remunerada e tendo atendimento privado no parto. As taxas de baixo peso ao nascer e da prematuridade não se alteraram no grupo de adolescentes como um todo. Houve maior taxa de cesarianas e uso do fórceps no parto das adolescentes. Contudo, mães de 13 a 17 anos tiveram o dobro de filhos prematuros e de baixo peso, maior proporção de solteiras, de baixa escolaridade, e de uso do fórceps no parto. CONCLUSÕES: Muitas características das mães adolescentes de 13 a 17 anos foram mais desfavoráveis do que daquelas com 18 e 19 anos. Estas especificidades no grupo de adolescentes necessitam ser melhor estudadas e compreendidas e levadas em conta no planejamento da oferta de serviços de atenção ao pré-natal e ao parto.

  6. CONCEPÇÃO DE PROFISSIONAIS DE UNIDADES DE ACOLHIMENTO SOBRE A MATERNIDADE EM ADOLESCENTES ABRIGADAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Helena Garcia Penna

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio descriptivo y exploratorio que describe las concepciones de profesionales de refugios acerca de la maternidad de adolescente refugiada en abrigo y discutir la actuación de estos en el soporte a la construcción de una maternidad saludable a este grupo. Se analizaron el contenido de las hablas de seis profesionales de un refugio que trabajan con adolescentes institucionalizadas, de diciembre de 2009 a enero de 2010. Los profesionales consideran la maternidad en esto grupo como precoz y nociva debido a inmadurez de jóvenes madres y por la interrupción de los estudios. La acción dialógica, la problematización en el enfrentarse la maternidad entre las adolescentes y en la salud reproductiva, sexual y planificación familiar son estrategias que contribuyan para el alcance de la promoción de la salud de adolescentes refugiadas en abrigos.

  7. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes Socioeconomic influence on eating disorders risk behaviors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Louise Lenz Dunker

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar comportamentos de risco para transtornos alimentares (TA em adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. MÉTODO: 183 adolescentes do sexo feminino de 15 a 18 anos de duas escolas (pública e particular foram avaliadas quanto à renda e escolaridade dos pais, estado nutricional, comportamentos de risco para TA (Teste de Atitudes Alimentares - EAT-26, atitudes socioculturais quanto à aparência (Escala das Atitudes Socioculturais Voltadas para Aparência - SATAQ-3, percepção corporal (escala de silhuetas e uso de dietas. RESULTADOS: A média do escore do EAT-26, assim como a porcentagem de adolescentes consideradas de risco foram semelhantes entre as escolas (p >0,05. No escore do SATAQ-3, verificou-se na escola particular um valor maior que da pública (p0,05, e as que apresentaram sobrepeso/obesidade tiveram escores maiores no EAT-26. Metade das adolescentes das escolas já fez dieta, sendo que a frequência do uso de dietas esteve associada com o maior escore do EAT-26. CONCLUSÕES: Comportamentos de risco foram encontrados em grande parte da população estudada, mas esses não estiveram associados com o nível socioeconômico.OBJECTIVE: To investigate eating disorders (ED risk behaviors at adolescents from different socioeconomic status. METHOD: 183 girls 15-18 years old from two schools (public and private were evaluated about parent's education and income, nutritional status, ED risk behavior (Eating Attitudes Test - EAT-26, sociocultural attitudes toward appearance (SATAQ-3, corporal perception (silhouettes scale and dieting. RESULTS: Mean score of EAT-26, as well as percentage of risky girls were similar at both schools (p >0.05. At SATAQ-3 score, it was noticed a higher value at private school compared to public one (p0.05, and girls who were overweight/obese had a higher score at EAT-26. Half of the girls from both schools have already diet, and dieting frequency was associated with a higher score at EAT

  8. Fortalecimento muscular em adolescentes com paralisia cerebral: avaliação de dois protocolos em desenho experimental de caso único

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheyla Rossana Cavalcanti Furtado

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivos: descrever mudanças na função motora de dois adolescentes com diplegia espástica, sendo um deles participante de um protocolo de fortalecimento muscular isolado (FMI e o outro de protocolo de fortalecimento com tarefas funcionais (FTF. Métodos: desenho experimental de caso único, metodologia que revela a temporalidade do perfil de mudanças ao longo e após a terapia. Este desenho incluiu fases de baseline, de intervenção e de followup com quatro, seis e três semanas, respectivamente. Participantes foram duas adolescentes com displegia espástica submetidas, cada uma, a um protocolo de intervenção: fortalecimento muscular isolado (FMI ou fortalecimento com tarefas funcionais (FTF. Os protocolos de intervenção incluíram exercícios de fortalecimento muscular isolado de extensores de quadril, extensores de joelho e flexores plantares (para a participante do FMI, ou de exercícios funcionais para as mesmas musculaturas (para a participante do FTF. Mensurações três vezes por semana avaliaram força muscular, velocidade de marcha, tempo para subir e descer escadas, tempo para se levantar do chão e tempo no teste Timed Get Up and Go. Os dados foram analisados com Celeration Line, Amplitude de Dois Desvios Padrão e Análise Visual. Resultados: ganhos de força muscular de membros inferiores foram observados nas adolescentes submetidas a ambos os protocolos. Mudanças nas atividades motoras foram observadas em 2 das 4 tarefas testadas em somente uma das adolescentes (p<0,05. Conclusões: a especificidade funcional do protocolo de fortalecimento FTF produziu modestos efeitos no desempenho de atividades motoras de uma das adolescentes com PC, em acréscimo aos ganhos de força muscular produzidos por ambos os protocolos.

  9. Consumo alimentar e gasto energético em adolescentes obesos e eutróficos Food consumption and energy expenditure in obese and non-obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Dayrell

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar, entre adolescentes obesos e eutróficos, variáveis relacionadas ao consumo alimentar e ao gasto energético. MÉTODOS: Estudo transversal com 23 adolescentes recrutados em escolas e centros de recreação de São Paulo (SP, distribuídos em dois grupos: 11 obesos e 12 eutróficos. Foram avaliados: peso corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência da cintura, massa magra e massa gorda (estimados por bioimpedância elétrica, três recordatórios alimentares de 24 horas, estimativa do gasto energético diário a partir de três métodos (recordatórios de atividade física, fórmulas preditivas e calorimetria indireta, gasto energético de repouso e a potência aeróbia. RESULTADOS: O gasto energético diário dos obesos foi maior, porém a ingestão alimentar se assemelhou à dos eutróficos. Não foram encontradas diferenças no gasto energético de repouso entre os grupos, porém a potência aeróbia foi maior nos eutróficos. A dieta de ambos os grupos não foi considerada saudável, mas os obesos apresentaram menor consumo de vários alimentos considerados saudáveis, como hortaliças. Observou-se discrepância na análise do gasto energético diário, quando se adotaram diferentes métodos. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram padrão alimentar associado ao risco de obesidade e doenças crônicas. Mais estudos são necessários para identificar melhores métodos para avaliar seu gasto energético. É urgente a busca de estratégias de educação nutricional específicas para esse grupo etário.OBJECTIVE: To compare food consumption and energy expenditure between obese and non-obese adolescents. METHODS: This cross-sectional study comprised 23 adolescents recruited from schools and recreation centers from São Paulo (SP, Brazil, distributed in two groups: 11 obese and 12 non-obese. The following variables were analyzed: body weight, height, body mass index, waist circumference, fat and lean mass

  10. Efeitos do tiotixene (P-4657 B em crianças e adolescentes psicóticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edy S. Navarro

    1968-12-01

    Full Text Available Foram estudados os efeitos do tiotixene (P-4657B em 34 crianças e adolescentes psicóticos dos quais '29 eram esquizofrênicos, tendo 17 deles menos de um ano de tempo de doença e 12 mais de um ano de doença. Foram obtidos bons resultados em 20 casos com nítida melhora na sintomatologia psíquica. Os efeitos colaterais foram de pequena intensidade. Os exames subsidiários (hemograma, provas de função hepática e eletrencefalograma não revelaram alterações significativas. Assim o tietixene confirmou sua atividade antipsicótica não só nos casos em que foi o primeiro tratamento instituído como também em alguns pacientes que tinham sido tratados com outras drogas antipsicóticas sem resultados satisfatórios. Foi assinalado efeito nítido sobre o apragmatismo e o embotamento afetivo. Ocorreu ação sedativa nas agitações psicomotoras devendo-se salientar que o resultado positivo se fez quase sempre sentir com dose mínima (5 — 10 mg/dia já nos primeiros dias de tratamento. Foi ótima a tolerância ao medicamento. Os efeitos colaterais foram mínimos. Sendo a esquizofrenia em crianças e adolescentes de difícil tratamento, a existência desta nova droga é, na opinião dos autores, uma util contribuição para sua terapêutica.

  11. Início da vida sexual entre adolescentes (10 a 14 anos e comportamentos em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helen Gonçalves

    2015-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a prevalência de início da vida sexual até os 14 anos de idade e fatores sociodemográficos e comportamentais relacionados à sua ocorrência. MÉTODOS: Em 2008, 4.325 adolescentes dos 5.249 pertencentes ao estudo de coorte de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul (1993 foram entrevistados. O início da vida sexual foi definido como primeira relação sexual ocorrida até os 14 anos. As informações foram obtidas através de questionários durante o acompanhamento de 2008, com entrevistas realizadas nos domicílios. As varáveis analisadas foram: cor da pele, índice de bens, escolaridade materna e do adolescente, uso experimental de cigarro e de álcool, episódio de embriaguez, uso de alguma droga ilícita pelo adolescente ou pelos amigos e envolvimento em brigas no último ano. Além dessas, foram analisados o uso de preservativos e contraceptivos, número de parceiros(as e idade de iniciação sexual. RESULTADOS: A prevalência de iniciação sexual foi de 18,6%, sendo maior no sexo masculino, nos adolescentes com menor escolaridade, de baixo nível econômico e naqueles cujas mães tinham baixa escolaridade e tiveram filhos na adolescência. A prática sexual esteve relacionada às variáveis comportamentais analisadas. Na última relação sexual, 30% das entrevistadas não haviam usado métodos contraceptivos e 18% não usaram preservativos. Meninos referiram maior número de parceiros(as sexuais do que meninas. CONCLUSÃO: Resultados apontam uma relação entre iniciação sexual (≤ 14 anos e comportamentos vulneráveis à saúde. O não uso de preservativos e contraceptivos pode torná-los vulneráveis a experimentarem situações não desejadas. Estratégias educativas e socioculturais em saúde devem ser praticadas desde o início da adolescência.

  12. Insatisfação com o peso e a massa corporal em estudantes do ensino fundamental e médio do sexo feminino no município do Rio de Janeiro Insatisfacción com el peso y masa corporal entre los estudiantes de la escuela primaria y secundaria del sexo femenino em la ciudad de Rio de Janeiro Dissatisfaction with mass and body weight among elementary and high school female students in the city of Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Palma

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi verificar a prevalência de insatisfação corporal entre adolescentes do sexo feminino na cidade do Rio de Janeiro. Foram investigadas 2.149 estudantes do sexo feminino, entre 14 e 18 anos de idade. Foram aferidos os pesos, estaturas e índices de massa corporal (IMC informados e desejados. A insatisfação corporal foi considerada de dois modos: a através do desejo de modificar o IMC; e, b o desejo de alterar o peso corporal em valor superior a 10% do peso informado. Do total investigado, 93,58% expressaram o desejo de modificar o IMC. Foi possível observar, ainda, que 42,48% manifestaram insatisfação com o peso. É possível concluir, então, que as adolescentes investigadas manifestaram tendência à insatisfação com o peso corporal.El objetivo del presente estudio fue determinar la prevalencia de la insatisfacción corporal en adolescentes del sexo femenino en la ciudad de Río de Janeiro. Se investigaron 2.149 estudiantes con edades comprendidas entre 14 y 18 años. Se levantaron los pesos, las alturas y los índices de masa corporal (IMC informados y deseados. La insatisfacción con el cuerpo fue considerada de dos maneras: a por el deseo de cambiar el IMC y b el deseo de cambiar el peso (en kg con valores superiores a los 10% del peso informado. Del total, 93,58% expresó el deseo de cambiar su IMC. También observamos que 42,48% reportaron insatisfacción con el peso. Es posible concluir que las adolescentes encuestadas expresaron una tendencia de insatisfacción con su peso corporal.The aim of this study was to verify the prevalence of body dissatisfaction among adolescent girls in the city of Rio de Janeiro. 2,149 female students aged between 14 and 18 years were investigated. Informed and desired weights, heights and the body mass index (BMI were also investigated. The body dissatisfaction was addressed in two ways: a by the desire to change the BMI and b the desire to change the weight (in kg

  13. Vivência de adolescentes em atividade de promoção da saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Rodrigues Ferreira Júnior

    2013-08-01

    Full Text Available Este trabalho relata uma experiência ocorrida no município de Uruoca-CE, Brasil, onde enfermeiros da Estratégia Saúde da Família envolveram um grupo de adolescentes em práticas de promoção da saúde. Mulheres grávidas foram escolhidas como prioridade, visto que ocorria resistência das usuárias para realização da consulta odontológica e pequena participação familiar no pré-natal. Construiu-se uma peça teatral para as gestantes e seus familiares, enfocando a temática, em que os adolescentes foram roteiristas, cenógrafos e atores. Observou-se grande envolvimento destes no planejamento e implementação das atividades, bem como maior entendimento acerca da relação entre participação comunitária e promoção da saúde. Ocorreu aumento da participação familiar durante as consultas do pré-natal, bem como a frequência das gestantes nos atendimentos odontológicos.

  14. Desafios Diagnósticos na Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS em uma Adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jalles Dantas Lucena

    2017-10-01

    Full Text Available Dificuldades no diagnóstico de Síndrome da Taquicardia Postural Ortostática (POTS numa adolescente de 16 anos, com hipotireoidismo a 10 anos, apresenta sudorese, palidez, calor, taquicardia, fadiga e tontura. Após seis meses, houve recidiva pós-prandial, revertida com manobra de Trendelenburg. Tilt Test demonstrou em decúbito dorsal pressão arterial (PA 106/71mmHg e frequência cardíaca (FC 72bpm. Após terceiro minuto, PA 101/70mmHg e FC 99bpm. Além hipotireoidismo, não detectou-se outros fatores de risco para disautonomia. Propranolol (10mg, 12/12h controlou sintomas. Diagnóstico de POTS é difícil em adolescentes, confundindo com Epilepsia e Síncope Neurocardiogênica. Nesse caso, hipotireoidismo parece ser fator causal da POTS.

  15. Sintomatologia depressiva em adolescentes do ensino médio: um estudo das representações sociais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Ribeiro Monteiro

    Full Text Available A depressão é uma das psicopatologias que vêm avançando nas demandas da saúde coletiva e ocorre em qualquer idade, independentemente da inserção socioeconômica e cultural. O presente trabalho teve como objetivo apreender as representações sociais (RS da depressão de adolescentes com e sem sintomatologia depressiva no contexto do ensino médio em escolas públicas e privadas da cidade de João Pessoa - PB. Utilizou-se o Inventory Children Depression (CDI como screening da amostra e o teste de associação livre de palavras (TALP entre os duzentos e dez participantes de ambos os sexos, com idades entre catorze e dezoito anos. Os dados do TALP foram analisados através do software Tri-Deux-Mots, por meio da análise fatorial de correspondência (AFC. Os resultados indicaram que as RS elaboradas pelos estudantes sem sintomatologia ancoraram a depressão na morte e na dor, ao passo que os adolescentes com sintomatologia depressiva basearam-se na solidão e na droga. Esses resultados sugerem que a depressão pode interferir negativamente no cotidiano, nas atividades escolares, na auto-estima e na sociabilidade na adolescência.

  16. A baixa estatura leve está associada ao aumento da pressão arterial em adolescentes com sobrepeso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Grotti Clemente

    2012-01-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Estudos têm demonstrado que a desnutrição pré/pós-natal leva a um maior risco de doenças não transmissíveis, como diabetes, hipertensão e obesidade na idade adulta. OBJETIVO: Determinar se os adolescentes com sobrepeso e desnutrição leve [escores-Z altura/idade (HAZ na faixa de -2] têm pressão arterial mais elevada do que os indivíduos com sobrepeso e com estatura normal (HAZ > -1. MÉTODOS: Os participantes foram classificados como de baixa estatura leve ou de estatura normal, e estratificados de acordo com os percentis de massa corporal para a idade, como sobrepeso, peso normal ou abaixo do peso. As pressões arteriais sistólica (PAS e diastólica (PAD foram determinadas de acordo com as diretrizes e a gordura abdominal foi analisada por absorciometria de dupla emissão de raios-X. RESULTADOS: Indivíduos com baixa estatura leve e sobrepeso apresentaram valores mais elevados da PAD (p = 0,001 do que suas contrapartes de baixo peso (69,75 ± 12,03 e 54,46 ± 11,24 mmHg, respectivamente, mas semelhantes àqueles com IMC normal. Não foram encontradas diferenças nos valores de PAD em indivíduos normais, indivíduos com sobrepeso e com baixo peso entre os grupos de estatura normal. Foi encontrado um aumento na PAS (p = 0,01 entre os indivíduos com baixa estatura leve quando comparados os indivíduos com sobrepreso com suas contrapartes de baixo peso e IMC normal (114,70 ± 15,46, 97,38 ± 10,87 e 104,72 ± 12,24 mmHg, respectivamente. Embora não tenham sido observadas diferenças nas médias de PAS entre os grupos de baixa estatura leve e estatura normal, foi encontrado um intercepto significativo (p = 0,01, revelando maior PAS entre os indivíduos com baixa estatura leve. Houve correlação entre PAS e gordura abdominal (r = 0,42, ρ = 0,02 no grupo com baixa estatura leve. CONCLUSÃO: Indivíduos de baixa estatura leve com sobrepeso apresentaram maior PAS do que os de estatura normal e sobrepeso. Esses achados

  17. Situação jurídico-penal e fatores de risco em adolescentes em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Beheregaray, Andréa Pereira

    2008-01-01

    O presente estudo visa, através de medidas psicológicas, compreender, as variáveis envolvidas no desenvolvimento do comportamento transgressor grave, na adolescência, e discutir essa condição sob a luz dos Direitos e Garantias da Criança e do Adolescente. O estudo se divide em dois momentos. No primeiro é realizada uma revisão bibliográfica orientada pelas seguintes temáticas: psicopatia, neurociência e emoções, agressividade na infância e na adolescência, violência e direitos e garantias na ...

  18. Reincidência de gravidez em adolescentes Subsequent pregnancy among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zenilda Vieira Bruno

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar os aspectos epidemiológicos na reincidência de gravidez na adolescência. MÉTODOS: estudo de coorte que incluiu 187 adolescentes grávidas, atendidas e acompanhadas durante cinco anos após o parto em um serviço de atendimento de adolescentes do Estado do Ceará. Foram analisados: faixa etária, estar ou não estudando, morar com os pais, escolaridade, condição marital e condição do companheiro atual. Os dados foram digitados e analisados no programa EPI-INFO. Foram feitas análises estatísticas das variáveis independentes (idade, escolaridade, estudar, trabalhar, morar com os pais, estado civil e mudança de parceiro e comparadas quanto à variável dependente (ter ou não uma nova gravidez cinco anos depois. O teste exato de Fisher foi utilizado para avaliar associação entre os fatores que poderiam influenciar a repetição da gravidez, considerado como tendo associação quando o pPURPOSE: to evaluate epidemiological aspects in recurrent adolescence pregnancy. METHODS: cohort study including 187 pregnant adolescents attended and followed-up for five years after delivery in an adolescent's attendance service in Ceará state. Age group, being or not at school, living with parents, schooling, marital status and the present partner's condition were analyzed. Data were processed by the EPI-INFO program. Statistical analysis of the independent variables (age, schooling, being at school, having a job, living with parents, marital status and switching partners was done and compared to the dependent variable (being or not pregnant after five years. The Fisher's exact test was used to evaluate the association among factors which could influence the pregnancy recurrence, the association being present when p<0.05. Risks related to schooling, marital status and multiple partners have been calculated, since these were significant factors for pregnancy recurrence. RESULTS: 61% of the adolescents got pregnant in the five years

  19. O ser adolescente gestante em transição: um enfoque de cuidar-pesquisar sob a ótica da enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivete Palmira Sanson Zagonel

    2002-08-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objeto o significado do ex-sistir feminino na cotidianidade diante da transição da adolescência e gestação. Objetiva compreender o sentido de ser adolescente gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado, diante da simultaneidade dos eventos vitais, expressos pelos discursos e cuidar do ser adolescente gestante ao mesmo tempo em que desvela o sentido que funda a simultaneidade transicional feminina dos eventos vitais. Foram analisados oito discursos, utilizando a entrevista fenomenológica guiada pela questão norteadora "o que é ser adolescente e gestante em transição ex-sistindo, como fenômeno situado diante da simultaneidade dos eventos vitais, enquanto este ser é cuidado". A análise compreensiva dos depoimentos deu-se à luz da hermenêutica heideggeriana. Permitiu desvelar o ser adolescente gestante em transição, enquanto ser de possibilidades, projeta-se enquanto ser exsistindo, mostra-se surpresa, temerosa, fragilizada, vivência a ambiguidade entre o prazer e o sofrimento, a partir das significações atribuídas às vivências.

  20. Transtornos do humor em crianças e adolescentes: atualização para pediatras

    OpenAIRE

    Antonio Carlos de Farias; Mara Lucia Cordeiro

    2011-01-01

    OBJETIVOS: Revisar aspectos epidemiológicos e etiológicos do diagnóstico e tratamento dos transtornos do humor em crianças e adolescentes, com foco em conteúdos essenciais para médicos pediatras. FONTES DOS DADOS: Revisão da literatura no banco de dados da MEDLINE. Utilização das recomendações da quarta edição do texto revisado do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria. Análise crítica dos atuais critérios diagnósticos e teorias científi...

  1. Esteatose hepática não alcoólica: relação com a síndrome metabólica e os fatores de risco cardiovascular em adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wener Barbosa Resende

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a associação entre esteatose hepática não alcoólica (EHNA, síndrome metabólica (SM e fatores de risco cardiovascular (FRCs em adolescentes obesos. Métodos: Estudo observacional do tipo transversal com abordagem quantitativa, realizado de junho a agosto de 2011. Os voluntários foram aleatoriamente selecionados e encaminhados para avaliação clínica no setor de endocrinologia e cardiologia do hospital de clínicas da Universidade Federal de Uberlândia. Participaram 34 adolescentes de 14 a 19 anos, acima do percentil 95 da curva de crescimento. A EHNA foi analisada por ultrassonografia. A SM e os FRCs foram identificados pelos critérios da International Diabetes Federation. Resultados: A amostra foi composta de 14 indivíduos do sexo masculino e 20 do sexo feminino, com idade (16,8±1,6 e índice de massa corporal (IMC (35,7±3,9. A ocorrência de EHNA e SM foi de 76,5% (n=26 e 50% (n=17, respectivamente. O sexo masculino apresentou maior ocorrência de EHNA (78,6%, n=11, SM (64,3%, n=09 e associação de EHNA com SM (50%, n=07. Em relação aos FRCs 100% (n=34, 61,8% (n=21 e 52,9% (n=18 dos adolescentes apresentaram valores aumentados da circunferência da cintura (CC, da lowdensity- lipoprotein cholesterol (LDL-C e pressão arterial sistólica (PAS, respectivamente, e 52,9% (n=18 apresentaram baixos valores de high-density lipoprotein cholesterol (HDL-C. Houve correlações entre SM e triglicerídeos, PAS e diastólica e HDL-C, e entre EHNA, IMC e CC. Conclusão: Observou-se uma alta ocorrência de EHNA, SM e FRCs em adolescentes obesos. Uma forte correlação foi observada entre EHNA e SM, e entre FRCs com EHNA e SM.

  2. Disfunção Temporomandibular segundo o Nível de Ansiedade em Adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lara Jansiski Motta

    Full Text Available RESUMOO objetivo do estudo foi determinar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM, segundo o nível de ansiedade de adolescentes da cidade de São Roque-SP. Foi utilizado o Índice de Fonseca para determinar a presença e o grau de severidade da DTM. Para avaliar o nível de ansiedade, foi utilizado o Inventário de Ansiedade Traço-Estado. Os participantes foram 3538 adolescentes entre 10 e 19 anos. Os resultados revelaram que 73,3% dos adolescentes apresentavam DTM e 72,7%, apresentavam ansiedade. Foram observadas associações estatisticamente significativas entre a presença de DTM e a presença de ansiedade, mas apenas com o sexo feminino, e correlação positiva, embora baixa, entre o grau de DTM e o nível de ansiedade. Conclui-se que adolescentes do sexo feminino apresentam maior chance de desenvolver DTM que os do sexo masculino, e quanto maior o nível de ansiedade do adolescente, maior a chance de desenvolver DTM.

  3. Violência vivenciada pelas adolescentes acolhidas em instituição de abrigamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Iabrudi Carinhanha

    2012-01-01

    Full Text Available Teniendo en cuenta que las adolescentes abrigadas pueden tener una opinión diferente sobre el significado de la violencia, hemos tratado de identificar y comprender la experiencia de la violencia desde su perspectiva. La investigación cualitativa realizada a través de entrevistas con once adolescentes acogidas en un albergue municipal en Río de Janeiro, Brasil. En el análisis de sus discursos se ha utilizado la análisis de contenido y lo que salió fue la violencia vivida en los lugares donde circulan las adolescentes: familia, comunidad y abrigo. La comprensión de la violencia por parte de las adolescentes es puntual y bastante concreta. Tienen dificultad para concebir la complejidad del fenómeno, refiriéndose básicamente a la violencia en las familias y comunidad, que son tangibles. Los resultados apuntan a la necesidad de mayor discusión de los procesos de vulnerabilidad/desafiliación vividos por las adolescentes, y también las raíces y las repercusiones de este proceso.

  4. Alimentação, risco cardiovascular e nível de atividade física em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karina De Lima Sumini

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar os valores de consumo alimentar para risco cardiovascular, a prevalência de sobrepeso e obesidade, e o nível de atividade física em adolescentes de um colégio estadual na cidade de Curitiba-PR. Métodos: Estudo descritivo transversal com análise quantitativa dos dados, realizada com adolescentes do ensino fundamental, com idade entre 11 a 15 anos. Os dados foram coletados por meio da avaliação de IMC, questionário nível de atividade física (IPAQ e de alimentos relacionados ao risco cardiovascular. Resultados: Avaliou-se 24 adolescentes, com média de idade de 12,75 (±1,70. Em relação ao IMC dos adolescentes, apenas 12,5 % (n=3 apresentaram sobrepeso. Quanto ao nível de atividade física, 41,66% (n=10 foram classificados como irregularmente ativos e 20,83% (n=5 como sedentários. Relativo aos alimentos consumidos ligados ao risco de doenças cardiovasculares, 75% (n=18 apresenta consumo excessivo destes alimentos. Conclusão: Portanto, programas para intensificar ações para promoção de hábitos alimentares saudáveis e prática de atividade física são fundamentais. ABSTRACT Food, cardiovascular risk and level of physical activity in teenagers Objective: To determine the values of food consumption for cardiovascular risk, the prevalence of overweight and obesity, and the level of physical activity in adolescents from a state school in the city of Curitiba-PR. Methods: Cross-sectional study with quantitative data analysis, carried out with adolescents of elementary school, aged 11 to 15 years. Data were collected through the evaluation of BMI, physical activity questionnaire (IPAQ and food-related cardiovascular risk. Results: We evaluated 24 adolescents with a mean age of 12.75 (± 1.70. Regarding BMI of adolescents, only 12.5% (n = 3 were overweight. The level of physical activity, 41.66% (n = 10 were classified as irregularly active and 20.83% (n = 5 as sedentary. Relating to food consumed linked to the

  5. Avaliação do posicionamento da aorta em pacientes com escoliose idiopática do adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Augusto Foizer

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o posicionamento da aorta em pacientes com escoliose. MÉTODOS: Foram realizados exames de imagem em pacientes ambulatoriais com escoliose idiopática do adolescente e em um grupo formado por pacientes hígidos, sendo analisados seis parâmetros: comprimento do corpo vertebral, largura, distância aorta-corpo, diâmetro da aorta, distância aorta-canal e ângulo corpo-aorta. RESULTADOS: As curvas variaram entre T3 e L2 com ângulos de Cobb de 46° e 114°. Pela classificação de Lenke os tipos 1AN e 1BN ocorreram em 20% dos casos, além de 1CN, 3BN, 3C+ com 13,3 % e 1B+, 3C- com 6,7 %. As vértebras próximas ao ápice da curva no grupo escoliose apresentam valores superiores às do grupo controle (em T8 com média de 86,93° no grupo escoliose e média 49,07 no grupo controle (p < 0,0001. CONCLUSÃO: Quanto mais próximo do ápice da deformidade, maior a póstero-lateralização da aorta.

  6. CARACTERÍSTICAS DA PRÁTICA DE ATIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS EM PRÉ-ADOLESCENTES EM ARACAJU (Versão original em português

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iuri Roseno Matos Aragão

    2014-12-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi identificar as características das atividades físicas e / ou de esporte praticadas e de preferência em pré-adolescentes. Este é um estudo transversal, empírico e descritivo. A amostra foi composta de 145 estudantes entre 11-14 anos de idade, homens e mulheres. A idade média foi de 12,72 ± 1,19 anos, 66 do sexo masculino (12,59 ± 1,23 anos e 79 do sexo feminino (12,83 ± 1,16 anos. A amostra foi entre o ano de grau 6 e 9 do Ensino Fundamental. Foi aplicado um questionário de 12 perguntas com questões fechadas e abertas propostas especificamente para este estudo. Os principais resultados indicam que os meninos realizam atividades físicas e / ou de esporte fora da escola há mais tempo, mais dias por semana e horas por dia do que as meninas. A motivação para a prática fora da escola foi por causa de preferências pessoais. Os indivíduos permanecem muito tempo em atividades individuais, como assistir à TV, usar o computador e jogar videogames, em detrimento de atividades coletivas, como brincar com os amigos, estas foram as preferências expressas pelo grupo. A escola é o local preferido para a prática de atividades físicas e / ou de esporte. As preferências dos meninos foram atividades de grupo (futebol e as preferências das meninas atividades individuais (natação. Por isso, todo o mundo quer saber e aprender outros esportes, o que indica potencial para futuras intervenções.

  7. AVALIAÇÃO DO SOFRIMENTO PSÍQUICO: TRANSTORNO PSIQUIÁTRICO MENOR EM ADOLESCENTES DA LOCALIDADE DE URURAÍ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcella Sabra Baião Sá

    2013-03-01

    Full Text Available Este artigo se configura como Avaliação do Sofrimento Psíquico: Transtorno Psiquiátrico Menor em Adolescentes da Localidade de Ururaí, que faz parte do trabalho de conclusão do curso de psicologia do ISECENSA. O referido estudo provém de uma pesquisa mais ampla na comunidade da Ilha, localizada em Ururaí, Distrito de Campos de Goytacazes, e objetivou-se avaliar o sofrimento psíquico (transtorno psiquiátrico menor - TPM de adolescentes desta comunidade a partir da escala SRQ-20, bem como identificar alguns aspectos individuais, sociais e familiares vinculados ao desenvolvimento deste sofrimento. A metodologia utilizada foi de natureza qualitativa, com a participação de 22 adolescentes de ambos os sexos.O TPM, costuma se relacionar aos eventos de vida estressantes, sendo uma sensação de mal-estar inespecífico que pode se transformar em doença em função de sua intensidade e cronicidade. Com os resultados obtidos pode-se confirmar a relevância deste tema de estudo, tanto para os profissionais de psicologia e a comunidade científica, quanto para a sociedade de forma geral, sendo este mais uma contribuição que envolve o ser humano de forma sistêmica. Estes jovens merecem uma atenção especial, uma vez que, obteve-se um alto índice na escala de sofrimento psíquico e diversos relatos de sofrimento na análise qualitativa, envolvendo problemas com a enchente, violência, preconceito, conflitos na família, alcoolismo e bullying. Observou-se que a maioria não estão satisfeitos com a sua própria vida e que experiências familiares permeadas de relações conflituosas, promovem barreiras na construção de relações saudáveis além de diversos tipos de sofrimentos. Também relataram sofrer com a negligência do poder público e falta de redes que os apóiem na própria comunidade. Desta forma pode-se afirmar que esses fatores são indissociáveis de sua formação subjetiva, bem como o seu bem-estar-social.

  8. Análise da vitamina C sérica e ingerida e estresse oxidativo em crianças e adolescentes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karoline Faria de Oliveira

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar adequação do consumo de vitamina C em crianças e adolescentes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV, avaliar níveis séricos da vitamina e indicadores de estresse oxidativo, comparar ao grupo não infectado, correlacionar a vitamina sérica ao estresse oxidativo e associá-los segundo os valores de referência. MÉTODOS: Estudo seccional transversal comparativo. Dois grupos com 27 crianças e adolescentes cada, de 3 a 19 anos, sendo G1 infectados pelo HIV por transmissão vertical atendidos em ambulatório regional e G2 indivíduos convidados sem histórico de infecção pelo HIV. Foram pareados por sexo, idade e condição socioeconômica. Avaliou-se: antropometria (índice de massa corporal para idade, ingestão e consumo do micronutriente, análise sérica da vitamina C, proteína C reativa e albumina. RESULTADOS: Idade média encontrada de 12 anos, prevalência do sexo feminino (17 - 63% e da classe econômica C (27 - 50%. Diagnóstico nutricional prevalente foi eutrofia em 20 (74,1% em G1 e 21 (77,8% em G2. O consumo de vitamina C foi significativamente maior em G1 (p = 0,006; t = 2,987 pelo método recordatório 24 horas. Houve diferença significativa da dosagem sérica de vitamina C, sendo menor em G1 (p = 0,000; t = -7,309. Em relação ao estresse oxidativo, os valores da proteína C reativa em G1 foram significativamente maiores (p = 0,007; t = 2,958. Não houve relação entre deficiência da vitamina, proteína C reativa e albumina. CONCLUSÃO: Os resultados encontrados mostram que indivíduos infectados pelo HIV apresentam baixos valores da vitamina C, não relacionados à alimentação, uma vez que o consumo desse micronutriente foi superior ao grupo comparativo, que não apresentou essa depleção. Existem peculiaridades nos indivíduos infectados que aumentam o estresse oxidativo, evidenciado pelo aumento da proteína C reativa.

  9. Tratamento de macroprolactinoma com cabergolina em adolescente An adolescent patient with prolactinoma treated with cabergoline

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Warszawski

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Relatar um caso de macroprolactinoma diagnosticado em adolescente e tratado com cabergolina. DESCRIÇÃO DO CASO: Paciente do sexo feminino, 15 anos, iniciou quadro clínico aos dez anos, com cefaleia, obesidade e não havia apresentado menarca ao diagnóstico. A dosagem sérica inicial de prolactina foi de 2492ng/mL (valor de referência: 19-25ng/mL. A ressonância nuclear magnética de crânio evidenciou formação expansiva selar e suprasselar compatível com macroadenoma hipofisário sem compressão do quiasma óptico. Seis meses após o início do tratamento com cabergolina, houve queda significativa dos níveis séricos de prolactina para 87,7ng/mL, com redução de 76% no tamanho da lesão e melhora sintomática. COMENTÁRIOS: A ocorrência dos prolactinomas é rara na infância e na adolescência, mas o seu comportamento pode ser mais agressivo. O diagnóstico precoce e o manejo adequado do caso são importantes para um bom prognóstico.OBJECTIVE: To report a teenager with macroprolactinoma treated with cabergoline. CASE DESCRIPTION: A 15-year old female adolescent reported the onset of headaches and obesity since ten years old. At diagnosis amenorrhea was not present. The serum level of prolactin was initially 2492ng/mL (reference values: 19-25ng/mL. Magnetic resonance images of the skull revealed an expansive sellar and suprasellar pituitary macroadenoma without optical chiasmal compression. Six months after starting treatment with cabergoline, there was a significant decrease of prolactin levels to 87.7 ng/mL, with a 76% reduction in the lesion size and she reported improvement of the symptoms. COMMENTS: In childhood and adolescence, prolactinomas are rare, but when they occur the clinical course is more aggressive. Early diagnosis and proper management of the disease are important for a good prognosis.

  10. Biblioterapia: uma proposta para adolescentes internados em enfermarias de hospitais públicos

    OpenAIRE

    Gizele Rocha Ribeiro

    2006-01-01

    Este artigo versa sobre uma proposta de implantação de um programa de Biblioterapia para adolescentes, como coadjuvante de tratamento médico, nas enfermarias de hospitais públicos da Rede Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. A proposta nasceu a partir da uma revisão de literatura que apontou a biblioterapia como um processo de cura, de lazer, de estímulo à leitura e, conseqüentemente, de aumento do conhecimento para os adolescentes estimulados durante o período de internação.

  11. Biblioterapia: uma proposta para adolescentes internados em enfermarias de hospitais públicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gizele Rocha Ribeiro

    2006-01-01

    Full Text Available Este artigo versa sobre uma proposta de implantação de um programa de Biblioterapia para adolescentes, como coadjuvante de tratamento médico, nas enfermarias de hospitais públicos da Rede Municipal de Saúde do Rio de Janeiro. A proposta nasceu a partir da uma revisão de literatura que apontou a biblioterapia como um processo de cura, de lazer, de estímulo à leitura e, conseqüentemente, de aumento do conhecimento para os adolescentes estimulados durante o período de internação.

  12. Percepções de familiares de adolescentes sobre oficinas terapêuticas em um centro de atenção psicossocial infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arlete Aparecida Noronha

    Full Text Available RESUMO Objetivo Conhecer as percepções de familiares de adolescentes sobre oficinas terapêuticas em um Centro de Atenção Psicossocial Infantil. Métodos Pesquisa qualitativa, descritiva, desenvolvida em 2013, em Santa Catarina, com 18 familiares de adolescentes em acompanhamento no CAPSi. As entrevistas realizadas foram interpretadas a partir da análise de conteúdo. Resultados Identificaram-se duas categorias: o desconhecimento sobre as oficinas terapêuticas e o reconhecimento da ação terapêutica das oficinas. Nove familiares desconheciam as atividades realizadas nas oficinas, enquanto os outros nove referiram as conhecerem. Destacaram-se aspectos terapêuticos, como a melhora da autoestima dos adolescentes, dos comportamentos e da convivência. Todavia, alguns familiares não perceberam mudanças. Conclusões As oficinas terapêuticas oportunizam espaço de convivência, educação em saúde e suporte social, psicológico e pedagógico. Ressalta-se a importância da inclusão dos familiares no serviço para o cuidado efetivo. Este estudo pode contribuir para a reflexão sobre as práticas das oficinas terapêuticas na Enfermagem, em serviços de saúde mental.

  13. Bullying, vinculação e estilos educativos parentais em adolescentes do 3º ciclo do ensino básico

    OpenAIRE

    2015-01-01

    Objetivos: Dado que a literatura salienta o impacto da vinculação e do comportamento parental nos comportamentos de bullying, temos como objetivo estudar os comportamentos de bullying, de visibilidade crescente em adolescentes no contexto escolar, e a sua relação com a qualidade da vinculação e os estilos educativos parentais. Método: A amostra deste estudo envolveu 50 adolescentes, 26 raparigas e 24 rapazes, com idades entre os 12 e os 17 anos (M = 14,24). O protocolo foi composto por: Q...

  14. Achados histopatológicos gástricos em crianças e adolescentes brasileiros com dispepsia e infecção por Helicobacter pylori

    OpenAIRE

    Carvalho, Mary de Assis [UNESP

    2011-01-01

    Avaliar as características histopatológicas da mucosa gástrica, duodenal e esofágica de crianças e adolescentes brasileiros infectados por Helicobacter pylori (H. pylori) e submetidas à endoscopia digestiva alta para investigar dispepsia crônica. As correlações entre variáveis clínicas e histopatológicas também foram analisadas. Foi realizado estudo prospectivo de biópsias do trato gastrointestinal superior (mucosa gástrica, duodenal e esofágica) em crianças e adolescentes de 4 a 17 anos de i...

  15. Apego em adolescentes institucionalizadas: processos de resiliência na formação de novos vínculos afetivos

    OpenAIRE

    Dalbem, Juliana Xavier; DELL'AGLIO,Débora Dalbosco

    2008-01-01

    Este estudo investigou a representação do apego em adolescentes institucionalizadas por medidas de proteção, através de três estudos de caso, de meninas entre 12 e 14 anos, que experimentaram separações da figura materna na infância. Os dados foram coletados nas instituições, através da inserção ecológica, análise dos prontuários, entrevistas com profissionais da equipe técnica e entrevistas individuais com as adolescentes. As entrevistas semidiretivas, elaboradas a partir de instrumentos de ...

  16. Violência vivenciada pelas adolescentes em situação de rua na ótica dos profissionais cuidadores do abrigo

    OpenAIRE

    Lucia Helena Garcia Penna; Joana Iabrudi Carinhanha; Raquel Fonseca Rodrigues

    2010-01-01

    Diante da relevância e particularidade da violência na restrição ao exercício da cidadania das adolescentes em situação de ruae na vulnerabilização à sua saúde, o objetivo do estudo foi compreender a problemática da violência vivida pelas mesmas naótica dos profissionais cuidadores de abrigo. Trata-se de pesquisa qualitativa do tipo descritivo, cujos dados foram produzidosatravés de entrevistas junto aos profissionais cuidadores de um abrigo para adolescentes da rede municipal do Rio de Jane...

  17. Insatisfação corporal em gestantes: uma revisão integrativa da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Fernandes Filgueiras Meireles

    2015-07-01

    Full Text Available Resumo A imagem corporal de gestantes deve ser alvo de atenção por parte dos profissionais, tendo em vista a promoção da saúde materna infantil. O objetivo da presente revisão integrativa foi analisar a literatura sobre imagem e insatisfação corporal em gestantes. Foram buscados artigos nas bases de dados Scopus, PubMed, BVS e PsycINFO utilizando o cruzamento de “pregnancy” com as palavras-chave: “body image” e “body dissatisfaction”. Após a adoção dos critérios de inclusão e exclusão foram analisados 40 estudos. Estes apontam dados inconclusivos quanto à insatisfação corporal durante a gestação. Presença de sintomas depressivos, baixa autoestima, atitude alimentar inadequada e ganho de peso fora dos limites recomendados têm sido associados a uma imagem corporal negativa. Contradições nos achados podem estar relacionados às diferenças nos instrumentos utilizados para mensurar a imagem corporal. Pelo possível impacto de uma imagem corporal negativa durante a gestação na saúde materna e infantil, são recomendadas novas investigações, em especial o desenvolvimento de um instrumento avaliativo de imagem corporal específico para gestantes.

  18. Autoeficácia e atividade física em adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Adriane de Souza

    2013-10-01

    Full Text Available Este trabalho teve o objetivo de analisar a associação entre atividade física e autoeficácia em adolescentes. Realizou-se um estudo inquérito de base escolar com 1.698 adolescentes de Curitiba, Paraná, Brasil. A atividade física foi avaliada segundo frequência semanal (dias/semana de prática de atividade física de intensidade moderada ou vigorosa. A autoeficácia foi analisada segundo a soma de uma escala composta por dez itens. A associação entre autoeficácia e atividade física foi testada pela regressão de Poisson (p < 0,05, estratificada por sexo. Entre os meninos, apenas elevada autoeficácia foi associada com todas as categorias de atividade física (p < 0,001, enquanto para as meninas níveis moderados e elevados de autoeficácia foram associados com todas as categorias de atividade física (p < 0,001. Conclui-se que a autoeficácia tem associação positiva com atividade física entre adolescentes, no entanto esta relação é mais consistente entre as meninas. Este é um aspecto importante para o delineamento de intervenções para a promoção de atividade física nesse grupo populacional.

  19. Efeitos da terapia multidisciplinar de longo prazo sobre a composição corporal de adolescentes internados com obesidade severa Effects of long-term multidisciplinary inpatient therapy on body composition of severely obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wagner Luiz do Prado

    2009-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os efeitos da terapia multidisciplinar de longo prazo sobre a composição corporal de adolescentes obesos severos internados. MÉTODOS: Um total de 728 adolescentes obesos extremos, incluindo 249 meninos (15,25±1,56 anos e 479 meninas (15,34±1,59 anos, recebeu terapia multidisciplinar durante um período de 3 a 9 meses. A terapia consistiu de redução da ingestão energética, orientação dietética, exercícios físicos e terapia psicológica. A composição corporal foi analisada pela bioimpedância elétrica, e a aptidão física foi avaliada pelo teste em ciclo ergômetro multiestágios. O tipo e duração de cada atividade foram avaliados através de recordatório diário de atividade física. RESULTADOS: Foi verificada redução significante (p OBJECTIVE: To describe the effects of long-term multidisciplinary inpatient therapy on body composition of severely obese adolescents. METHODS: A total of 728 extremely obese adolescents, including 249 boys (aged 15.25±1.56 years and 479 girls (aged 15.34±1.59 years received multidisciplinary therapy during a period of 3 to 9 months. The therapy consisted of reduced energy intake, dietetic education, physical exercises and psychological therapy. Body composition was assessed by bioelectrical impedance analysis, and physical capacity was assessed by the multistage cycle ergometer test. Type and duration of each activity were recorded using a daily controlled activity diary. RESULTS: There was a significant decrease (p < 0.05 in body mass (27.84±12.49 kg for boys and 21.60±9.87 kg for girls, body mass index (9.19±3.88 kg/m² for boys and 7.72±3.98 kg/m² for girls and fat mass. In addition, the percentage of fat free mass increased significantly (p < 0.05 in boys (from 58.8±6.41 to 69.98±7.43% and in girls (from 51.86±4.96 to 60.04±5.65%. CONCLUSION: Long-term multidisciplinary approach allows significant reduction in severe obesity, preserving growth and percentage

  20. Insatisfacción corporal y seguimiento de dieta. Una comparación transcultural entre adolescentes de España y México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Victoria Acosta García

    2003-01-01

    Full Text Available En este estudio descriptivo mediante encuestas con diseño transversal se pretende desde una óptica psicosocial detectar en muestras de adolescentes factores de riesgo que facilitan la aparición de trastornos del comportamiento alimentario. La muestras se extrajeron no probabilísticamente de la población de más alto riesgo, los jóvenes, y se igualaron en edad, sexo y nivel académico. La muestra total quedó formada por 770 estudiantes, hombres y mujeres, de los cuales 384 son españoles y 386 mexicanos. El rango de edad es 15-18 años, con media de 16,23 años. Los resultados revelan que existen diferencias estadísticamente significativas por sexo pero no por nacionalidad en lo que se refiere a la variable de insatisfacción corporal siendo los mexicanos quienes presentan tasas más altas de insatisfacción con la imagen corporal; cuando la comparación se hace por sexos son las mujeres de ambas nacionalidades quienes presentan las puntuaciones significativamente más elevadas. El hallazgo teóricamente más importante fue la interacción significativa entre las variables nacionalidad y seguimiento de dieta restrictiva con satisfacción-insatisfacción corporal.

  1. Enfoque humanístico à comunicação em enfermagem: o caso de uma adolescente hospitalizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Amélia Costa Mendes

    2000-03-01

    Full Text Available A enfermagem é uma profissão que milita pela promoção do ser humano, com toda sua liberdade, unicidade e dignidade. Neste sentido, a comunicação reveste-se de um significado essencial tanto no transcorrer do processo de enfermagem, quanto no seu produto, constituindo-se também como um componente fundamental do tratamento. Entretanto, no contexto hospitalar brasileiro, a comunicação do enfermeiro com o paciente tem sido limitada ao cumprimento de seu papel instrumental. A proposta deste estudo é analisar o caso de uma adolescente hospitalizada, enfocando sua comunicação com os enfermeiros que lhes dispensaram cuidados. Esta análise alicerçou-se no paradigma categorial de Bales. Através da técnica de observação direta do comportamento resultante da interação entre os enfermeiros e a adolescente estudada, durante trinta horas distribuídas em cinco dias, foram computadas 428 unidades de interação, as quais foram classificadas em áreas sócio-emocional positiva, negativa e neutra por juizes habilitados para esta atividade. Dado o alto índice de interações na área neutra (89,3%, as autoras recomendam uma correção humanística na comunicação durante o processo de enfermagem, o que poderá contribuir para qualificar o cuidado e redundar em satisfação no trabalho através do exercício da empatia e da solidariedade.

  2. Insatisfação corporal e comportamento alimentar inadequado em jovens nadadores segundo níveis econômicos e competitivos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a insatisfação corporal e o comportamento alimentar entre atletas adolescentes de diferentes níveis econômicos e competitivos. MÉTODOS: Participaram da pesquisa 64 atletas com idade média de 13,64 (± 2,57, sendo 22 do sexo feminino e 42 do masculino. Utilizaram-se o Body Shape Questionnaire (BSQ e o Eating Attitudes Test (EAT-26 para avaliar insatisfação corporal e comportamento alimentar, respectivamente. A classificação econômica foi obtida mediante aplicação do Critério de Classificação Econômica Brasil (ABEP. Aplicou-se questionário qualitativo para avaliar dados demográficos como idade, sexo e nível competitivo. RESULTADOS: Não se identificaram diferenças de insatisfação nem de comportamento alimentar entre os níveis econômicos e competitivos. Além disso, os níveis econômicos e competitivos somente modularam a variância do comportamento alimentar (p < 0,05. CONCLUSÃO: Os resultados do presente estudo permitem concluir que tanto a insatisfação corporal quanto o comportamento alimentar foram semelhantes entre diferentes níveis econômicos e competitivos em nadadores.

  3. Sobrepeso em adolescentes de 14 a 19 anos em um município da região Sul do Brasil Overweight in adolescents aged 14 to 19 years old in a Southern Brazilian city

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Cristina Dalla Costa

    2007-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: identificar a freqüência de sobrepeso em adolescentes, bem como os fatores ambientais, biológicos e socioeconômicos associados, no município de Toledo, Paraná. MÉTODOS: estudo transversal desenvolvido com adolescentes matriculados no ensino médio, de 14 a 19 anos, do período diurno da área urbana do município. Adotou-se o índice de massa corporal/idade para diagnosticar exposição ao risco de sobrepeso. Utilizou-se um questionário pré-testado para levantamento dos dados pessoais, antropométricos, biológicos e hábitos, como: usar TV, vídeo e computador, praticar esportes e freqüência das refeições. Para a situação socioeconômica, foi utilizado o critério de Classificação Econômica Brasil da Associação Nacional de Empresas de Pesquisa. RESULTADOS: dos adolescentes, 3,8% apresentaram baixo peso e 10,2% sobrepeso. Associação estatisticamente significativa foi encontrada para a freqüência de sobrepeso entre os adolescentes que realizavam quatro ou mais refeições/dia (5,5% e entre aqueles que realizavam até três refeições/dia (16,3%. Ao estratificar o sobrepeso por classes econômicas, as freqüências mostram uma tendência de decréscimo de sobrepeso com a queda da classe econômica. CONCLUSÕES: a prevalência de sobrepeso é superior à de baixo peso, o qual se encontra abaixo dos índices identificados em outros municípios brasileiros. Menor número de refeições e classes econômicas mais elevadas apresentaram associação com o sobrepeso.OBJECTIVES: to identify overweight incidence in adolescents as well as associated environmental, biological, social and economic factors in the municipality of Toledo, Paraná. METHODS: a cross sectional study was performed with adolescents enrolled in middle school aged 14 to 19 years old, in day classes of the urban area in the municipality. Body mass/age rates were used to diagnose the risk of overweight exposure. A pretested questionnaire was used to

  4. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  5. Índice de massa corporal de adolescentes: comparação entre diferentes referências Índice de masa corporal de adolescentes: comparación entre distintas referencias Body mass index of adolescents: comparison among different references

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula G. Clemente

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o desempenho das referências (National Health and Nutrition Examination Survey I, National Center for Health Statistics/2000, International Obesity Task Force e Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição para avaliação do estado nutricional de crianças e adolescentes à nova curva de valores de índice de massa corporal, proposta pela Organização Mundial da Saúde em 2007. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, cuja população foi constituída por uma amostra não probabilística, com 5.122 crianças e adolescentes de baixa renda. Foi realizado o cálculo do tamanho amostral visando identificar a associação entre alteração na pressão arterial e baixa estatura nos diferentes estados nutricionais. Compararam-se as diferentes referências para avaliação do estado nutricional. Foram aplicados os testes Q de Cochran, McNemar, qui-quadrado e índice Kappa para comparar as proporções e a concordância da classificação de baixo peso e excesso de peso com as diferentes referências. RESULTADOS: As cinco referências utilizadas no presente estudo apresentaram diferenças entre si. Tanto para meninos como para meninas, as prevalências estimadas de baixo peso pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição foram bem menores que as outras referências. Quanto à prevalência de excesso de peso para os meninos, esta foi maior pela referência da Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição. Encontrou-se concordância excelente (k>0,75 entre a maioria das classificações para excesso de peso analisadas. Porém, a concordância entre as classificações para baixo peso apresentou-se fraca (kOBJETIVO: Comparar el desempeño de las referencias (NHA-NES I, NCHS/2000, IOTF y PNSN para la evaluación del estado nutricional de niños y adolescentes con la nueva curva de valores del IMC, propuesta por la OMS en 2007. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal cuya pobla-ción fue constituida por una

  6. Fatores associados ao declínio do déficit estatural em crianças e adolescentes em Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sá Leal

    2012-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução do déficit estatural em crianças e adolescentes e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal, com dados das Pesquisas Estaduais de Saúde e Nutrição realizadas em Pernambuco nos anos de 1997 e 2006. A amostra do tipo probabilística (aleatória estratificada, com representatividade para os estratos urbanos e rurais do estado. Para a coleta de dados foram utilizados questionários com perguntas pré-codificadas referentes a informações sobre as variáveis socioeconômicas, demográficas e antropométricas (das mães, crianças e adolescentes. A população estudada foi de, respectivamente, 1.853 e 1.484 crianças e adolescentes de cinco a 19 anos. A análise de regressão múltipla com seleção hierarquizada foi utilizada para avaliar a associação das variáveis explanatórias sobre o déficit estatural. RESULTADOS: A prevalência do déficit de estatura apresentou redução significante de 43% (de 16,9% em 1997 para 9,6% em 2006. As variáveis socioeconômicas e a estatura materna estiveram associadas a este declínio, com reduções variando de 39% a 60% entre os estratos analisados. Na análise dos determinantes do déficit estatural, no ano de 2006, permaneceram como significantes: a renda familiar per capita (<0,25 salário mínimo, a posse de bens domésticos (< três, o maior número de pessoas por domicílio, a menor escolaridade e menor estatura materna. CONCLUSÕES: A redução do déficit de estatura refletiu a melhoria nas condições sociais e econômicas. Entretanto, permanecem necessários a manutenção e incremento de políticas públicas, de modo a aumentar o poder aquisitivo dos mais pobres e universalizar o acesso da população a serviços de saúde e educação.

  7. Imagem corporal e fatores de risco em praticantes de caminhada da cidade do Natal-RN

    OpenAIRE

    Silva Filho, Lindomar da

    2009-01-01

    Imagem corporal é a figura de nossos corpos construída em nossas mentes e o grau de insatisfação geralmente está associada a fatores de risco identificados por medidas antropométricas. O objetivo desse estudo descritivo foi avaliar os fatores de risco decorrentes das variáveis morfológicas e funcionais associadas à percepção de autoimagem em 130 praticantes de caminhada de meia-idade da zona sul da cidade de Natal, subdivididos em quatro grupos em função do gênero e faixa etária. Como instrum...

  8. Vulnerabilidade de gênero para a paternidade em homens adolescentes Gender vulnerability for parenthood among male adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anecy de Fátima Faustino Almeida

    2007-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar as relações de gênero vivenciadas por adolescentes do sexo masculino e como elas contribuem para torná-los vulneráveis à gravidez na adolescência. MÉTODOS: Estudo qualitativo realizado em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em 2003. Participaram 13 adolescentes masculinos com menos de 20 anos, com um único filho de até 11 meses, cuja mãe estava na mesma faixa etária do pai. Realizaram-se entrevistas semi-estruturadas gravadas. Após transcrição, procedeu-se à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Identificaram-se estereótipos de gênero em que se destacavam papéis de líder, provedor e ativo sexualmente, bem como a rejeição a ser cuidador. Esses papéis apareceram consolidados principalmente na perspectiva dos entrevistados acerca do trabalho como marcador de sua condição de homem e provedor da família. A liderança dos adolescentes prevaleceu no relacionamento com a mãe de seu filho, notadamente na iniciativa das relações sexuais e no uso de contraceptivos. A gravidez foi considerada por eles como "por acaso" e inesperada, mas a paternidade foi vivenciada como uma prova final de sua condição de homens adultos. CONCLUSÕES: Verificou-se a condição de vulnerabilidade dos adolescentes para a paternidade em virtude da socialização de gênero nos moldes tradicionais. Isso foi evidenciado com a ausência dos papéis relativos ao cuidado consigo próprio e com os outros, com a incorporação precoce de papéis de dominação sexual masculina e de trabalhador e pai, ou seja, deixar de ser criança e alcançar a condição de homem.OBJECTIVE: To analyze gender relations perceived by male adolescents and how they contribute to making them more vulnerable to pregnancy during adolescence. METHODS: Qualitative study carried out in Campo Grande, Midwestern Brazil, in 2003. Subjects were 13 male adolescents under 20 years of age, fathers of an only child aged up to 11 months whose mother was in the same

  9. Compulsão alimentar e fatores associados em adolescentes de Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

    OpenAIRE

    2010-01-01

    O episódio de compulsão alimentar é caracterizado pela ingestão de grande quantidade de alimentos em tempo delimitado acompanhada de perda de controle sobre o que/quanto se come. O estudo objetivou estimar a prevalência e os fatores associados aos episódios de compulsão alimentar. Estudo transversal com 1.209 adolescentes de 14 a 19 anos. Para o diagnóstico dos episódios de compulsão alimentar utilizou-se o Questionário sobre Padrões de Alimentação e Peso - Revisado (QEWP-R). Foi realizada an...

  10. Eventos significativos e processo de mudança em psicoterapia corporal: A perspectiva do cliente

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário, na especialidade de Psicologia Clínica Objetivo: Compreender o processo de mudança em psicoterapia corporal, a partir da perspetiva do cliente. Pergunta de Investigação: “Que tipo de eventos significativos promove a mudança clínica em psicoterapia corporal?” Metodologia: Qualitativa de investigação de processo. Recolha de dados: Entrevista fenomenológica. Análise de dados: Método fenomenológico-psicológico d...

  11. Tabagismo em adolescentes de área urbana na região Sul do Brasil Tobacco smoking among teenagers in an urban area in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bernardo Lessa Horta

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a prevalência e os fatores de risco para o tabagismo em uma amostra de base populacional de adolescentes residentes em área urbana. MÉTODOS: Em 1997, realizou-se um estudo transversal com uma amostragem em múltiplos estágios dos adolescentes com idade entre 12 e 18 anos completos residentes na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi definido como sendo fumante todo aquele adolescente que informou ter fumado pelo menos um cigarro por semana no último mês. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado com correção de Yates para tabelas 2X2. A regressão logística não condicional foi utilizada na análise multivariada. RESULTADOS/ CONCLUSÕES: Foram entrevistados 632 adolescentes, sendo que com outros 38 não foi possível realizar a entrevista. Na amostra estudada, 11,1% dos adolescentes eram fumantes, 6,8% eram ex-fumantes e 82,1% nunca haviam fumado regularmente. A prevalência de tabagismo foi diretamente relacionada com a idade do adolescente. Mesmo após controle para possíveis fatores de confusão, aqueles adolescentes que não estavam estudando, que eram repetentes, cujos pais estavam separados ou que relataram terem abusado de bebidas alcoólicas no último mês apresentaram uma maior razão de odds para tabagismo.OBJECTIVE: To evaluate the prevalence of tobacco smoking and its determinants among adolescents. METHODS: A cross-sectional study, using a multiple stage sampling, was carried out in 1997 and a sample of adolescents aged between 12 and 18 years who were living in the urban area of Pelotas, Brazil, was studied. Those who reported having smoked at least one cigarette per week during the last month were considered smokers. Chi-square test was used to compare proportions and conditional logistic regression was applied in the multivariate analysis. RESULTS/ CONCLUSIONS: Six hundred and thirty-two adolescents were interviewed, among which 38 were

  12. Imagem corporal, estado nutricional, força de resistência abdominal e aptidão cardiorrespiratória de crianças e adolescentes praticantes de esportes Imagen corporal, estado nutricional, fuerza de resistencia abdominal y aptitud cardiorrespiratoria de niños y adolescentes practicantes de deportes Body image, nutritional status, abdominal strength, and cardiorespiratory fitness in children and adolescents practicing sports

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Schubert

    2013-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar se há associação entre estado nutricional, nível de aptidão física e imagem corporal em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Participaram deste estudo transversal 401 estudantes (236 meninos e 165 meninas com idades entre 8 e 16 anos, praticantes de esportes nos clubes locais. Para o estado nutricional calculou-se o índice de massa corpórea. Foram avaliadas a satisfação com a imagem corporal, a força de resistência abdominal e a aptidão cardiorrespiratória. As variáveis foram analisadas no mesmo dia, seguindo ordem padronizada. Para verificar as associações entre as variáveis foi utilizado o teste do qui-quadrado. Posteriormente, a regressão logística binária foi aplicada para identificar a magnitude das associações, considerando-se significante pOBJETIVO: Verificar si hay asociación entre estado nutricional, nivel de aptitud física e imagen corporal en niños y adolescentes. MÉTODOS: Participaron de este estudio transversal 401 estudiantes (236 muchachos y 156 muchachas con edades entre 8 y 16 años. Para el estado nutricional se calculó el índice de masa corporal. Se evaluaron la satisfacción con la imagen corporal, la fuerza de resistencia abdominal y la aptitud cardiorrespiratoria. Las variables fueron analizadas en el mismo día, siguiendo orden estandarizado. Para verificar las asociaciones entre las variables se utilizó la prueba del chi-cuadrado. Posteriormente, se aplicó la regresión logística binaria para identificar la magnitud de las asociaciones, considerando como significante pOBJECTIVE: To verify the association between nutritional status, physical fitness, and body image in children and adolescents. METHODS: This cross-sectional study included 401 students (236 boys and 165 girls aged between 8 and 16 years that were regularly enrolled in sports in the local clubs. The nutritional status was evaluated by the body mass index. Students were assessed for satisfaction with body

  13. Atitudes e comportamentos de adolescentes em relação à ingestão de bebidas alcoólicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sílvio Éder Dias da Silva

    2011-10-01

    Full Text Available Pesquisa descritiva qualitativa que teve como objetivo analisar as atitudes dos adolescentes diante da ingestão de bebidas alcoólicas. Foram realizadas entrevistas com 40 adolescentes vinculados a uma instituição de apoio no Pará. A análise de conteúdo temático levou à seguinte categoria: atitudes e comportamentos em relação à ingestão de bebidas alcoólicas. O consumo da bebida alcoólica está associado a diversão, mas também significa um modo de não pensar nos problemas. Os adolescentes utilizaram outros tipos de drogas em alguns momentos, porém o uso do álcool é unanimidade. Concluiu-se que, para o adolescente, o álcool favorece a socialização e o prazer e que isso pode levar ao uso abusivo e contato com drogas ilícitas, como a maconha, a cocaína e o tíner.

  14. Relação entre condição gengival e fatores sociodemográficos de adolescentes residentes em uma região brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio Prado Fonseca

    2015-11-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é relacionar as condições gengival e socioeconômica e distribuição demográfica de adolescentes residentes em uma região desfavorecida brasileira. O estudo transversal foi realizado com amostra probabilística de 450 adolescentes (15-19 anos em 13 municípios sorteados no Vale do Jequitinhonha (MG. A condição gengival foi avaliada por um examinador calibrado (Kappa ≥ 0,85 e baseado Índice Periodontal Comunitário (CPI. Foram calculadas as frequências para indivíduos e sextantes com posterior Análise de Correspondência Múltipla (Anacor que explorou relações entre o CPI e as características sociodemográficas. Como resultados: 16 (3,6% apresentaram-se sem alterações gengivais, 235 (52,2% com sangramento, 36 (8,0% com cálculo dental e 163 (36,2% com sangramento e cálculo. A Anacor identificou dois grupos que guardavam semelhanças entre si em relação à doença periodontal. O grupo 1 reuniu os adolescentes com CPI sadio, 19 anos de idade, que trabalham e têm maior renda familiar. No grupo de CPI com sangramento, tem-se os adolescentes com 15 e 16 anos de idade, de ambos os sexos, cursando o ensino fundamental, menor renda familiar e que se autodeclararam pardos ou negros. A gengivite foi relacionada às condições socioeconômicas e demográficas de adolescentes da região.

  15. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes? What is adolescents' eating disorder risk behavior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.OBJECTIVE: To characterize eating disorder (ED risk behavior and its prevalence among adolescents in a review of national and international literature. METHODS: We carried out an integrative review on PubMed (U.S. National Library of Medicine, Lilacs and SciELO, using descriptors related to "eating disorder risk behavior". Articles published in the last 10 years, in Portuguese, Spanish and English, and specifically with adolescents were selected. The nomenclature and instruments used to assess eating disorder risk behaviors and its frequency were evaluated and analyzed in 76 articles. RESULTS: Several terms to assess ED risk behavior were found; questionnaires and scales

  16. Varicocele e volume testicular em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose hepatoesplênica cirúrgica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brandt Frederico Teixeira

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o volume testicular e a prevalência de varicocele em adolescentes e adultos jovens portadores de esquistossomose na forma hepatoesplênica associada a varizes sangrentas de esôfago. MÉTODOS: O estudo envolveu 22 adolescentes masculinos com esquistossomose na forma descrita, submetidos à esplenectomia, ligadura da veia gástrica esquerda e auto-implante de tecido esplênico no grande omento quando crianças. O tempo médio de seguimento foi de 4 anos após a intervenção. O grupo de voluntários sadios foi de adolescentes de uma escola na mesma região onde os casos operados viviam. Eles foram selecionados de forma randomizada, considerando a faixa de idade, características epidemiológicas e não serem infestados por equistossomose. Todos os participantes possuíam história clínica completa e foram submetidos a exame físico e ultra-sonográfico. Foi dado atenção especial as características sexuais, ultra-sonografia testicular e dopplerfluxometria das veias espermáticas. RESULTADOS: Dos pacientes classificados como adultos pela idade cronológica, 53,8% tinham genitais com características infantis. A incidência de varicocele foi igual a 61,5% no grupo afetado e 40% no grupo controle, sem diferença estatística entre os grupos (x 2 =1,77; g.1.=1; p=0,18 3 p Fisher=0,16, acometendo predominantemente o testículo esquerdo, em ambos os grupos. CONCLUSÃO: Pacientes com doença esquistossomótica cirúrgica tinham significante déficit no desenvolvimento puberal e genital, no volume testicular, especialmente do lado esquerdo, e alta prevalência de varicocele (61.5% sem uma associação direta com atrofia testicular.

  17. Intoxicação alcoólica em crianças e adolescentes: dados de um centro de assistência toxicológica

    OpenAIRE

    Magda Lúcia Félix de Oliveira; Ivonete Arnauts

    2011-01-01

    O abuso de álcool constitui um dos problemas sociais e de saúde de grande magnitude em nosso tempo. O estudo teve como objetivo caracterizar as ocorrências toxicológicas em crianças e adolescentes com idade até 18 anos, hospitalizados por intoxicação alcoólica e notificados em um Centro de Controle de Intoxicação nos anos de 2003 a 2007. O estudo foi retrospectivo, com análise quantitativa dos dados. Encontraram-se 338 notificações. O abuso de álcool ocorreu predominantemente no sexo masculin...

  18. Avaliação postural da coluna vertebral em crianças e adolescentes com deficiência auditiva

    OpenAIRE

    Melo,Renato de Souza; Silva,Polyanna Waleska Amorim da; Silva, Lícia Vasconcelos Carvalho da; Toscano,Carla Fabiana da Silva

    2011-01-01

    INTRODUÇÃO: A postura é determinada pela atuação dos sistemas, visual, somatosensorial e vestibular. As crianças com deficiência auditiva podem apresentar problemas na postura ou no controle postural, favorecendo o surgimento de desvios e alterações posturais na coluna vertebral, provocados possivelmente pela hipoatividade do sistema vestibular, em decorrência da surdez. OBJETIVO: Avaliar a postura da coluna vertebral em crianças e adolescentes com deficiência auditiva em idade escolar, consi...

  19. Assertividade e tempo de permanencia de cateteres intravenosos perifericos com insercao guiada por ultrassonografia em criancas e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Ferreira Machado Avelar

    2013-06-01

    Full Text Available Estudo randômico e controlado que objetivou verificar se a ultrassonografia vascular (USV aumenta a assertividade na utilização do cateter intravenoso periférico e o tempo de permanência do cateter quando comparado ao método tradicional de punção. A coleta de dados ocorreu após aprovação do mérito ético, incluindo-se no estudo crianças e adolescentes submetidos a punção intravenosa periférica guiada pela USV, constituindo o grupo USV (GUSV, ou após avaliação clínica da rede venosa, denominado grupo controle (GC. Os valores de p<0,05 foram considerados significativos. A amostra foi constituída por 382 punções, 188 (49,2% no GUSV e 194 (50,8% no GC, realizadas em 335 crianças. Identificou-se assertividade em 73 (71,6% cateteres do GUSV e em 84 (71,8% do GC (p=0,970. O tempo de permanência do cateter apresentou mediana inferior a um dia nos dois grupos (p=0,121, não havendo diferença estatisticamente significativa. Concluindo-se que a USV não influenciou os resultados das variáveis dependentes investigadas. ClinicalTrials.govNCT00930254.

  20. Prática de atividade física em adolescentes brasileiros Physical activity practice among brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Curi Hallal

    2010-10-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo é descrever a prática de atividade física em adolescentes, utilizando dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE, coletados em todas as capitais do Brasil e no Distrito Federal em 2009. A amostra incluiu escolares do 9º ano do ensino fundamental (n=60.973. Foram investigadas a prática de atividade física nos últimos sete dias, incluindo modo de deslocamento para a escola, prática de atividade física dentro e fora da escola e participação nas aulas de educação física. Consideraram-se ativos os jovens que acumularam > 300 min/sem de atividade física. A proporção de ativos foi de 43,1%, sendo maior nos meninos (56,2% em comparação às meninas (31,3%. Metade dos adolescentes (49,2% relatou ter tido duas ou mais aulas de educação física na semana anterior à entrevista; 79,2% relataram assistir a duas horas diárias de televisão ou mais. Os dados do PeNSE indicam baixa prevalência de jovens ativos e com duas ou mais aulas de educação física por semana, além de elevada prevalência de comportamento sedentário. Tais dados podem ser utilizados como linha de base para o monitoramento de atividade física em escolares brasileiros, mas desde já sugerem a necessidade de intervenções para a promoção de atividade física em adolescentes brasileiros.The aim of this study is to describe physical activity practice among Brazilian adolescents by using data from the National Adolescent School-based Health Survey (PeNSE collected in all state capitals and the Federal District in 2009. The sample included students of the ninth year (n=60,973. It was investigated the physical activity practice seven days prior to the interview, including transportation mode, physical activity practice inside and outside the school and participation in Physical Education classes. Adolescents were classified as active if performing > 300 min/wk of physical activity. The proportion of active adolescents was 43

  1. DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM ADOLESCENTES COM EXCESSO DE PESO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphaela Santos do Nascimento Rodrigues

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar los diagnósticos de enfermería en adolescentes de escuelas públicas con exceso de peso, de acuerdo con la Clasificación Internacional de la Práctica de Enfermería. Estudio transversal de población, investigó socio-demográficos, conductuales y psicológicos de adolescentes de 10 a 14 años. Se establecieron 11 diagnósticos de enfermería: "Riesgo para la Obesidad", "Riesgos de desarrollo adolescente comprometida", "Riesgo de inseguridad en el rendimiento papel de los padres”, "Riesgo para la capacidad de la familia para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de capacidad para gestionar el régimen dietético comprometido", "Riesgo de Déficit de conocimientos sobre la dieta", "Riesgo de ingesta excesiva de alimentos", "Imagen negativa de sí", "Riesgo para la autoestima", "Riesgo Bienestar comprometida", "Estándar ejercicio comprometido". Reflejo de la naturaleza multifactorial de la obesidad, destacando la necesidad de interdisciplinaria e intersectorial de prevención y control de sobrepeso.

  2. Morfologia do ventrículo esquerdo em adolescentes: comparação entre atletas e não atletas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquim Castanheira

    2014-12-01

    Full Text Available Introdução: A morfologia do ventrículo esquerdo altera-se com o crescimento e desenvolvimento, durante a infância e adolescência. Contudo, são escassos os estudos comparativos entre não atletas e jovens atletas de elite. Objetivo: Analisar possíveis diferenças na morfologia do ventrículo esquerdo entre jovens atletas de elite e não atletas, do sexo masculino. Métodos: Trinta atletas de elite (15,4±0,6 anos; 68,0±11,3 kg; 175,2±7,5 cm e 28 adolescentes saudáveis sem experiência com a prática esportiva (15,2±1,3 anos; 62,9± 3,8 kg; 168,8±7,7 cm foram submetidos a medidas antropométricas (estatura, massa corporal e espessura de dobras cutâneas e avaliações ecocardiográficas. Resultados: Diferenças estatisticamente significantes foram encontradas nos diâmetros telediastólico e telesistólico do ventrículo esquerdo, na espessura do septo interventricular em diástole, na espessura da parede posterior do ventrículo esquerdo, no diâmetro do átrio esquerdo e na relação entre o diâmetro do átrio esquerdo e o diâmetro da raiz da aorta, com os jovens atletas de elite apresentando valores superiores aos não atletas (P<0,01, mesmo após ajuste pela estatura. Correlações positivas e de moderada magnitude entre a massa do ventrículo esquerdo e a estatura foram encontradas em atletas (r=0,57 e não atletas (r=0,40. Conclusão: Os resultados do presente estudo sugerem que os valores superiores nas medidas da cavidade e de espessura da parede ventricular esquerda, encontrados no coração de jovens atletas de elite não podem ser explicados pela maior estatura, destacando a importância da exploração de modelos alométricos simples e multiplicativos que integrem medidas de maturação biológica em futuras investigações.

  3. Evaluación de la composición corporal en niños y adolescentes: directrices y recomendaciones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Curilem Gatica

    Full Text Available El índice de masa corporal (IMC otorga uno de los índices más usados para determinar el estado nutricional de la población a nivel mundial, donde a pesar de existir recomendaciones claras y definidas para su interpretación como el sexo, edad, raza, entre otros, normalmente se estandariza su clasificación, independiente de las variables, aumentando el error en el resultado y en la clasificación del estado nutricional. El uso de la composición corporal a través de la antropometría entrega mayor información que el IMC, siendo la masa grasa y la masa muscular los principales resultados útiles. Este artículo presenta una revisión de las ecuaciones existentes y propone aquellas más simples y con menor error de estimación para ser usadas como una herramienta que reemplace o complemente al IMC, favoreciendo una mejor comprensión e interpretación del estado nutricional y nivel de actividad física en niños y adolescentes.

  4. Caracterização da saúde mental em crianças e adolescentes em acolhimento institucional = Mental health characterization in institutionalized children and adolescents = Caracterización de la salud mental en niños y adolescentes institucionalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Calcing, Jordana

    2014-01-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar as experiências de vida traumáticas e a prevalência de problemas de comportamento em crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional. O grupo investigado foi constituído por 41 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idade de 7 a 18 anos, provenientes de cinco casas de acolhimento localizadas na região norte do estado do Rio Grande do Sul. Para a obtenção dos dados, utilizaram-se os instrumentos: Inventário de Eventos Estressores na Infância e Adolescência (IEEIA, Inventário de Depressão Infantil (CDI, e o Child Behavior Checklist (CBCL. Os dados apontaram para a presença de problemas de comportamento em um número significativo de crianças e adolescentes, tendo em vista suas histórias de vida marcadas por eventos traumáticos. Considerando esses dados, destaca-se a importância de instituir políticas públicas que contemplem as necessidades de crianças e adolescentes institucionalizados, a fim de que seus direitos sejam garantidos

  5. Dynamics within families with adolescents who go to school in Paipa Funcionalidad en familias con adolescentes escolarizados en Paipa Funcionalidade em famílias com adolescentes escolarizados em Paipa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Galán González Edna Fabiola

    2010-04-01

    ência e a mudança, enquanto a manutenção foi a variável de maior pontuação no nível alto (71,6%. As respostas dadas pelas famílias com adolescentes entrevistadas posicionaram as metas em níveis intermédios e altos, o que chama a atenção frente aos achados sobre efetividade familiar que se encontrou com predomínio no nível baixo.

  6. Funcionalidad en familias con adolescentes escolarizados en Paipa Funcionalidade em famílias com adolescentes escolarizados em Paipa Dynamics within families with adolescents who go to school in Paipa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDNA FABIOLA GALÁN GONZÁLEZ

    2010-06-01

    Avaliação da Funcionalidade Familiar que possibilita medir o nível de efetividade da funcionalidade familiar por meio de objetivos ou propósitos (estabilidade, crescimento, controle e espiritualidade e das dimensões (câmbio, manutenção, coerência e individuação do sistema familiar. De acordo com os resultados da efetividade da funcionalidade familiar, conclui-se que 62,7% das famílias com adolescentes estudo têm baixa efetividade da funcionalidade da família. No relativo às dimensões, a individuação exibiu um nível baixo com 41,2% seguida pela coerência e a mudança, enquanto a manutenção foi a variável de maior pontuação no nível alto (71,6%. As respostas dadas pelas famílias com adolescentes entrevistadas posicionaram as metas em níveis intermédios e altos, o que chama a atenção frente aos achados sobre efetividade familiar que se encontrou com predomínio no nível baixo.Horizontal descriptive study, with a quantitative approach, from a sample of 102 families with adolescents who go to school in the municipality of Paipa (Province of Boyacá, and whose objective was to describe the effectiveness of family dynamics in the light of the Systematic Organization Theory proposed by Marie Luise Friedemann. The respondents were 102 adolescents, enrolled in an educational institution and whose ages varied from 13 to 18 years of age. The instrument used was the Family Functioning Evaluation scale, that allows for measuring the effectiveness level of the family dynamics through goals or objectives (stability, growth, control and spirituality and through the dimensions (change, maintenance, consistency and individuation of the family system. According to the results of the effectiveness of family dynamics, one could conclude that 62,7% of the families with adolescents who participated in this study have a low level of effectiveness of family functioning. In regard to the dimensions, individualization was found at a low level with 41,2%, followed by

  7. Personalidade psicopática em uma amostra de adolescentes infratores brasileiros Psychopathy personality in a sample of young Brazilian offenders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Schmitt

    2006-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Evidências apontam que adolescentes infratores graves (autores de homicídio, estupro e latrocínio possuem personalidade psicopática e risco aumentado de reincidência criminal, mas não apresentam maior prevalência de história de abuso na infância do que outros adolescentes infratores. OBJETIVO: Comparar a psicopatia, a reincidência criminal e a história de maus-tratos entre adolescentes infratores versus a vida e outros adolescentes infratores. MÉTODO: Estudo transversal, controlado, utilizando a escala Hare's Psychopathy Checklist Revised (PCL-R para avaliação de psicopatia em uma amostra de adolescentes cumprindo medida socioeducativa em decorrência da prática de ato infracional. RESULTADOS: Os adolescentes que cometeram crimes contra a vida apresentaram prevalência de psicopatia maior do que outros adolescentes infratores - RP = 2,86 (IC95% 1,49-5,47. A reincidência criminal foi mais prevalente entre os adolescentes que possuíam psicopatia e história de crimes contra a vida - RP = 2,96 (IC95% 1,32-6,60. O estudo não conseguiu demonstrar prevalência significativa de história de abuso na infância entre os adolescentes com psicopatia em comparação ao grupo-controle - RP = 0,88 (IC95% 0,66-1,15. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem prevalência aumentada de personalidade psicopática e reincidência criminal entre os adolescentes autores de crimes contra a vida quando comparados a outros adolescentes infratores.BACKGROUND: Evidences point out that the young offenders involved with major crimes (such as homicide, rape and violent robbery have psychopathic personality, with greater risk of recidivism but do not have a higher prevalence of childhood abuse history compared to other young delinquents. OBJECTIVE: To compare the psychopathy, criminal recidivism. However, incidence of childhood abuse is similar to other young delinquents groups. METHODS: Cross-sectional study, controlled, using the Hare's Psychopathy

  8. Traumatismo cranioencefálico grave em crianças e adolescentes Severe traumatic braininjury in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Fernando Andrade de Carvalho

    2007-03-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Apresentar uma revisão crítica do traumatismo cranioencefálico (TCE em crianças e adolescentes, enfocando o trauma grave, as taxas e os aspectos relacionados com a mortalidade e as principais medidas terapêuticas. CONTEÚDO: Revisão sistemática dos artigos incluídos no MEDLINE, SciELO e Lilacs, no período compreendido entre 1985 e 2006, utilizando as seguintes palavras-chave: traumatic brain injury, craniocerebral trauma, children e mortality, além dos principais livros-texto sobre o assunto. Foram analisados também os Guidelines of Brain Trauma Foundation de 2000 e 2003, sendo selecionados os principais trabalhos citados. O traumatismo cranioencefálico é uma das principais causas de morte e seqüelas em crianças e adolescentes. As taxas de mortalidade variaram entre 10% e 55%, principalmente em razão dos critérios de seleção utilizados, da gravidade dos pacientes e dos locais onde foram realizados os estudos. Em geral, a mortalidade em crianças foi menor que as descritas em pacientes adultos. Os principais fatores relacionados com a mortalidade em crianças foram a pontuação na escala de coma de Glasgow, a hipotensão arterial, o edema e ingurgitamento cerebral difusos e a baixa pressão de perfusão encefálica. O tratamento do TCE grave visa a correção dos fatores relacionados com a lesão cerebral secundária. CONCLUSÕES: Os fatores relacionados com melhor prognóstico em crianças ainda permanecem inconclusivos, havendo algumas divergências entre os estudos. Grande parte destes fatores é corrigível ou evitável, com reanimação hídrica inicial agressiva, tratamento cirúrgico em tempo hábil, monitorização e cuidados intensivos adequados.BACKGROUND AND OBJECTIVES: Present a critical review of traumatic brain injury (TBI in children and adolescents, focusing on severe TBI, the mortality and the factors related with poor outcome. CONTENTS: It was made a systematic review in MEDLINE

  9. Sobrepeso em adolescentes de escolas públicas: desempenho de três critérios diagnósticos Exceso de peso en adolescentes de escuelas públicas: desempeño de tres criterios diagnósticos Obesity among public school teenagers: the performance of three anthropometric criteria

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Maria Coelho Damasceno

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar as diferentes prevalências de sobrepeso em nível clínico e populacional em um grupo de adolescentes brasileiros, segundo os três critérios antropométricoutilizados em práticas assistenciais. MÉTODOS: Estudo transversal com 720 alunos de escolas públicas de Fortaleza, situados entre 14 e 19 anos. Calculou-se o índice de massa corporal, classificando os sujeitos como possuidores ou não de sobrepeso, segundo cada critério. RESULTADOS: Observou-se que, para todas as faixas etárias, houve discordância entre os três critérios. A maior delas de 13,3%, na faixa etária de 16 anos, para os homens; e de 12,5%, na faixa etária de 14 anos, para as mulheres. CONCLUSÃO: Uma estratégia para identificar sobrepeso seria adotar dois critérios que permitam, simultaneamente, englobar o maior número de adolescentes com indicativos de sobrepeso e extrair, dentre estes, aqueles com indicadores mais evidentes deste problema.OBJETIVO: Comparar las diferentes prevalencias de exceso de peso a nivel clínico y poblacional en un grupo de adolescentes brasileños, según los tres criterios antropométricos utilizados en prácticas asistenciales. MÉTODOS: Se trata de un estudio transversal realizado con 720 alumnos de escuelas públicas de Fortaleza, comprendidos entre las edades de 14 y 19 años. Se calculó el índice de masa corporal, clasificando a los sujetos como poseedores o no de exceso de peso, según cada criterio. RESULTADOS: Se observó que, para todos los grupos etáreos, hubo discordancia entre los tres criterios. La mayor de ellas de 13,3%, en la faja etárea de 16 años, para los hombres; y de 12,5%, en la faja etárea de 14 años, para las mujeres. CONCLUSIÓN: Una estrategia para identificar el exceso de peso sería adoptar dos criterios que permitan, simultáneamente, agrupar el mayor número de adolescentes con indicativos de exceso de peso y extraer, de éstos, aquellos con indicadores más evidentes de este

  10. Conducta alimentaria e imagen corporal en una muestra de adolescentes de Sevilla Eating behaviour and body image in a sample of adolescents from Sevilla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    I. Jáuregui Lobera

    2009-10-01

    Full Text Available Objetivo: En el presente trabajo se analiza la presencia de alteraciones alimentarias y la influencia que sobre ellas puede tener el grado de insatisfacción corporal entre los adolescentes. Método: Aplicando el Eating Attitudes Test-40 (EAT-40, el Sick Control On Fat Food (SCOFF y la subescala de insatisfacción corporal (BD del Eating Disorders Inventory-2 (EDI-2 a 841 estudiantes, de 12 a 19 años, se analizaron las conductas alimentarias de riesgo, se estudiaron las diferencias en función del sexo y la edad y se analizó la relación de dichas conductas con el grado de insatisfacción corporal. Resultados y discusión: El 21,29% tuvo puntuaciones significativas en el SCOFF y el 7,13% en el EAT-40. Por sexos, hubo diferencias significativas (13,93% y 3,23% en SCOFF y EAT-40 para los varones, 29,38% y 10,70% para las mujeres. Con respecto a datos anteriores, se observa un descenso del riesgo en las mujeres y un incremento en los varones. Se observó una mayor insatisfacción corporal en las chicas de 12 a 17 años, si bien la diferencia entre chicas y chicos, en alteraciones alimentarias, se centra en los 14-16 años. La insatisfacción corporal correlacionó positiva y significativamente con el Índice de Masa Corporal, EAT-40 y SCOFF. Para implantar programas de prevención primaria en la población adolescente, es necesario conocer las conductas alimentarias de riesgo y el grado de insatisfacción coporal, para poder plantear específicamente las intervenciones a llevar a cabo, involucrando al profesorado como agente primario de trabajo en el contexto escolar.Objective: This study examined the presence of disordered eating behaviours and the influence that on them could have the degree of body dissatisfaction among adolescents. Method: By the Eating Attitudes Test-40 (EAT-40, the Sick Control On Fat Food (SCOFF and the subscale of body dissatisfaction (BD of the Eating Disorders Inventory-2 (EDI-2 a total of 841 students, aged 12-19, were

  11. Excreção urinária de cálcio, ácido úrico e citrato em crianças e adolescentes sadios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Penido Maria Goretti Moreira Guimarães

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: determinar valores de referência regionais para a excreção urinária de cálcio, ácido úrico e citrato e estabelecer correlação entre essas excreções em urina em 24h e amostras únicas, para uso na prática clínica. Material e métodos: 125 crianças e adolescentes saudáveis, selecionados aleatoriamente, foram submetidos ao protocolo: exame clínico, bioquímica de sangue, hemograma, paratormônio, urina em 24h, urina em amostra única colhida com jejum, e exame parasitológico de fezes.Resultados: o valor máximo para a excreção de cálcio em urina em 24h foi 3,75mg/kg, em mg/dl do ritmo de filtração glomerular - RFG foi 0,10, e, para a relação cálcio/creatinina(mg/dl na urina, em amostra única em jejum, foi de 0,25. Observou-se correlação positiva entre a excreção de cálcio em urina em 24h, e urina em amostra única em jejum (mg/dl e mg/dl do RFG. Os valores máximos para a excreção de ácido úrico em urina em 24h foram 600, 450 e 320mg e 13, 15 e 18 mg/kg para adolescentes, escolares e pré-escolares, respectivamente; em mg/dl do RFG em amostra única de urina foi 0,47. Observou-se correlação positiva para a excreção de ácido úrico em urina em 24h e urina em amostra única em jejum. Os valores médios para a excreção de citrato em urina em 24h foram 1,6, 1,1 e 0,5mmol para adolescentes, escolares e pré-escolares, respectivamente; para a relação citrato/creatinina em urina, em amostra única, com jejum, foi 0,3. Conclusões: as excreções de cálcio e ácido úrico em urina em 24h se correlacionaram com aquelas das amostras urinárias simplificadas, permitindo o uso destas para diagnósticos metabólicos, estudos populacionais e controle de pacientes hipercalciúricos e hiperuricosúricos sem controle de esfíncter vesical; o quociente citrato/creatinina em urina, em amostra única, pode ser utilizado para controle de pacientes com hipocitratúria.

  12. Pesquisa de mutações CFTR em crianças e adolescentes com Bronquiolite Obliterante Pós-Infecciosa/

    OpenAIRE

    Riedi,Carlos Antônio

    2006-01-01

    Apêndice e anexo Orientador: Nelson Augusto Rosário Filho Tese(doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente. Defesa: Curitiba, 20 de dezembro de 2006. Inclui bibliografia Área de concentração: Doenças respiratórias

  13. Perfil socioeconômico, nutricional e de saúde de adolescentes recém-ingressos em uma universidade pública brasileira Socioeconomic, nutritional and health profile of adolescents recently admitted to a Brazilian public university

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valéria Cristina Ribeiro VIEIRA

    2002-09-01

    Full Text Available Objetivou-se delinear o perfil socioeconômico, nutricional e de saúde de adolescentes recém-ingressos em uma universidade pública brasileira. As variáveis comportamentais foram obtidas por meio de questionário, o percentual de gordura corporal (%GC pelo somatório das dobras cutâneas e o estado nutricional pelo Índice de Massa Corporal. A maioria dos adolescentes era do sexo feminino (57,3%, não residia com familiares (89,8%, consumia bebida alcoólica (73,5%, omitia alguma refeição principal (57,3% e rejeitava um ou mais alimentos do grupo das hortaliças (79,5%. Cerca de 57,0% não realizavam atividade física e 7,0% fumavam. Em torno de 72,0% e 25,0%, respectivamente, consumiam hortaliça e fruta cinco ou mais vezes na semana. Os eutróficos predominavam, mas 58,7% destes apresentavam %GC elevado. Concluiu-se que considerável parcela dos indivíduos estudados residia sem os familiares e apresentava, além de inadequação da composição corporal e do comportamento alimentar, outros fatores de risco à saúde, como o consumo de álcool e a inatividade física.The objective of this work was to describe the socioeconomic, nutritional and health profile of adolescents recently admitted to a Brazilian public university. The behavioral variables were obtained by interview, the body fat percentage (BF% by the sum of the four skinfold thicknesses and the nutritional status by body mass index. Most of the students were female (57.3%, lived away from their families (89.8%, drank alcohol (73.5%, skipped a main meal (57.3% and rejected one or more types of vegetables (79.5%. About 57.0% did not practice any physical activity and 7.0% smoked. About 72.0% and 25.0%, respectively, consumed vegetable and fruit five times or over during the week. The eutrophic subjects predominated, but 58.7% of them presented a high BF%. The results showed that a considerable number of the subjects lived away from their families and had inadequate body

  14. Estado nutricional, autopercepção do estado nutricional e experimentação de drogas lícitas em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Máximo Garcia

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Associar o estado nutricional e a autopercepção do estado nutricional com a experimentação de drogas lícitas em adolescentes.Métodos:Estudo transversal no qual 210 adolescentes responderam a um questionário sobre experimentação de álcool e tabaco e sobre suas autopercepções nutricionais. Foi analisada a concordância entre autopercepção nutricional do adolescente e seu estado nutricional, bem como associações entre o estado nutricional, a autopercepção nutricional, sexo, idade e presença de tabagistas em casa com a experimentação de álcool e tabaco. As variáveis foram analisadas separadamente em análise bivariada e, a seguir, análise múltipla determinou fatores associados à experimentação.Resultados:Participaram do estudo 210 adolescentes com mediana de idade de 148 meses, 56,6% do sexo feminino. Do total da amostra, 6,6% já experimentaram cigarro e 20% já experimentaram álcool; 32,3% tinham Z-escore IMC≥1 e 12,85% tinham Z-escore IMC≥2 e 50,7% acertaram suas classificações nutricionais. Após análise multivariada, apenas a autoimagem sobre o peso influenciou estatisticamente na experimentação de fumo. Pacientes que se identificavam com peso muito alto apresentaram maior chance de experimentação de fumo (odds ratio (OR 13,57; intervalo de confiança (95% IC 2,05-89,8; p=0,007; em relação ao uso de álcool, adolescentes que se identificavam com peso alto apresentaram chance de uso de álcool 2,40 vezes maior do que crianças que se viam com peso normal (IC 95% 1,08-5,32; p=0,031.Conclusões:Adolescentes com autopercepção de excesso de peso podem constituir um grupo de risco para a experimentação de álcool e tabaco.

  15. Adolescente em conflito com a lei: o relatório psicossocial como ferramenta para promoção do desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liana Fortunato Costa

    2011-09-01

    Full Text Available O objetivo do texto é discutir a construção do relatório psicossocial que é enviado ao juiz, sobre adolescentes em conflito com a lei. Propomo-nos discutir como este relatório pode ser construído de modo a não beneficiar unicamente o juiz e ser um instrumento de enriquecimento do processo jurídico e de ampliação da visão dos atores do judiciário sobre a fase de desenvolvimento do adolescente. O documento não deve ser elaborado em uma visão apenas avaliativa, mas de modo a devolver a humanidade aos sujeitos dependentes das decisões judiciais e promover uma perspectiva de intervenção psicossocial. Este relatório deve ser útil, correto e justo para com o adolescente. Sua construção precisa valorizar a família e reconhecer sua realidade socioeconômica, basear-se na perspectiva da fase de desenvolvimento deste sujeito, enfocar a circularidade das relações que ele mantém em seu meio ambiente e resgatar a proteção que lhe é devida.

  16. Carcinoma de tireóide em crianças e adolescentes - revisão de seis casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela V. M. Szeliga

    2001-02-01

    Full Text Available Objetivo: O carcinoma de tireóide é raro em crianças, e existem aspectos controversos sobre seu manejo. Este estudo foi realizado para avaliar aspectos diagnósticos e de seguimento destes pacientes. Métodos: Foi revisada retrospectivamente a evolução clínica de seis pacientes com carcinoma de tireóide, seguidos em Unidade de Endocrinologia Pediátrica nos últimos 17 anos. Resultados: Foram encontrados seis pacientes com carcinoma de tireóide, todos do sexo feminino, com idade de 4,5 a 12 anos. Nódulo tireoidiano esteve presente na avaliação inicial em todos os casos. A ultra-sonografia e cintilografia com 131I mostraram nódulo sólido e hipocaptante em quatro pacientes. Histologicamente, quatro eram carcinomas papilíferos, e dois foliculares. Todos foram submetidos à tireoidectomia total, sendo que quatro necessitaram também dose terapêutica de 131I devido a metástases e/ou resíduo tireoidiano. Conclusão: Nossos achados confirmaram a impressão clínica de que crianças e adolescentes com carcinoma tireoidiano têm um bom prognóstico, sem haver registro de óbito neste seguimento de até 17 anos. Estes dados estão de acordo com a literatura, que mostra baixa mortalidade nestes casos.

  17. Saúde dos adolescentes: um estudo de base populacional em Campinas, São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marici Braz

    2013-09-01

    Full Text Available Estimou-se a prevalência de doenças crônicas diagnosticadas e de problemas de saúde referidos em adolescentes, segundo variáveis sociodemográficas e estado nutricional. É um estudo transversal de base populacional com dados do Inquérito de Saúde do Município de Campinas, São Paulo, Brasil, 2008. Foram utilizadas estatísticas descritivas, teste de associação pelo χ². A prevalência de doença crônica entre os adolescentes foi de 19,17%, asma apresentou a maior prevalência 7,59%, seguida de doenças cardíacas 1,96%, hipertensão 1,07% e diabetes 0,21%. A prevalência de problemas de saúde foi de 61,53%, alergia 40,39% e dor de cabeça frequente/enxaqueca 24,83% foram mais frequentes. Após análise múltipla por regressão de Poisson os fatores associados à doença crônica foram faixa etária de 15 a 19 anos (RP = 1,38, não frequentar escola (RP = 1,46, ter filhos (RP = 1,84 e ser obeso (RP = 1,54, e somente sexo feminino (RP = 1,12 se associou a problemas de saúde. A adolescência é uma fase da vida na qual também se adoece.

  18. Programa de prevencao do uso/abuso de alcool para adolescentes em contexto escolar: parar para pensar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Maria Mendes Diniz de Andrade Barroso

    2013-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito do programa Parar Para Pensar na prevenção do uso/abuso de bebidas alcoólicas de adolescentes em contexto escolar. MÉTODO: Realizou-se estudo quasi-experimental, com pré e pós-teste, com 178 participantes, estudantes no 7º ano escolar; o grupo experimental (n = 70 foi sujeito à intervenção durante um ano, e o grupo de controle (n = 108 não sofreu intervenção. Foram utilizados o Questionário de Conhecimentos Acerca do Álcool; Questionário de caracterização dos consumos; Escala de Expectativas Acerca do álcool e Escala de Aptidões Sociais. RESULTADOS: Constatou-se que os adolescentes submetidos ao programa apresentaram evolução positiva nas seguintes variáveis: frequência do consumo e ocorrência de episódios de embriaguez; e, ainda, melhorou os conhecimentos, as expectativas acerca do álcool e a percepção do consumo pelos pares (p < 05. CONCLUSÃO: O programa foi eficaz na estabilização do consumo, no aumento dos conhecimentos, na estabilização das expectativas positivas e na percepção do consumo pelos pares. Sugerem-se novos estudos e manutenção de follow-up para consolidar os resultados encontrados.

  19. Transtornos do humor em crianças e adolescentes: atualização para pediatras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Carlos de Farias

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Revisar aspectos epidemiológicos e etiológicos do diagnóstico e tratamento dos transtornos do humor em crianças e adolescentes, com foco em conteúdos essenciais para médicos pediatras. FONTES DOS DADOS: Revisão da literatura no banco de dados da MEDLINE. Utilização das recomendações da quarta edição do texto revisado do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Americana de Psiquiatria. Análise crítica dos atuais critérios diagnósticos e teorias científicas sobre etiologia dos transtornos do humor. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificadas opiniões discordantes e congruentes sobre a efetividade de se utilizar os mesmos critérios atualmente listados no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais para diagnóstico de transtornos do humor em adultos, adolescentes e crianças. Embora esse tópico tenha sido muito debatido na literatura dos últimos 10 anos, a percepção é de que uma porcentagem significativa de casos continuam sendo subdiagnosticados devido à utilização dos mesmos critérios independente da faixa etária. Os diversos estudos epidemiológicos realizados na população infantil fundamentam-se nesses critérios para cálculos de prevalência, o que tornam duvidosos os números atualmente publicados. Embora a neurociência tenha alcançado grandes avanços no conhecimento dessas patologias, ainda é necessário um melhor entendimento sobre como os fatores genéticos e ambientais interagem e influenciam a origem, gravidade e resposta ao tratamento. CONCLUSÕES: Os transtornos do humor são patologias de alta prevalência na infância e adolescência, com grande impacto na vida dos portadores no longo prazo. Constatamos a necessidade de aprimorar os critérios diagnósticos, adequando-os à população infantil, com objetivo de facilitar ao clínico, particularmente ao pediatra, diagnóstico e intervenção precoce. Avanços na área de epigenética podem

  20. Consumo de alcohol y autoestima en adolescentes Consumo de álcool e autoestima em adolescentes Alcohol consumption and self esteem in adolescents

    OpenAIRE

    Alicia Álvarez Aguirre; María Magdalena Alonso Castillo; Ana Carolina Guidorizzi Zanetti

    2010-01-01

    La presente investigación tuvo como objetivo analizar la relación entre el nivel de autoestima y el consumo de alcohol en los adolescentes, a través de la realización de un estudio descriptivo transversal, en una facultad de enfermería en la ciudad de Querétaro, en México, en el mes de julio de 2008, en una muestra de 109 adolescentes, entre 17 y 20 años. Para la obtención de los datos fueron aplicados dos instrumentos: AUDIT y Cuestionario de autoestima de Rosemberg. La mayoría de los adoles...

  1. Estudo das habilidades sociais em adolescentes usuários de maconha Estudio de las habilidades sociales en adolescentes usuarios de marihuana The social skills study in adolescents marijuana users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Fortes Wagner

    2009-03-01

    Full Text Available Esse estudo objetivou avaliar as habilidades sociais de adolescentes usuários de maconha e comparar seu desempenho com o de não-usuários. Os instrumentos utilizados foram: Inventário de Habilidades Sociais - IHS; Screening Cognitivo do WISC-III e do WAIS-III, Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck. A amostra constituiu-se de 98 adolescentes, com idades de 15 a 22 anos, dos quais 49 eram usuários de maconha e 49 não o eram. Os resultados mostraram maiores prejuízos no grupo de usuários de maconha no screening cognitivo e na presença de sintomas de ansiedade e depressão. Os achados evidenciaram diferenças estatísticas significativas no grupo de usuários de maconha, com um desempenho mais prejudicado no Fator 4 (auto-exposição a desconhecidos ou a situações novas e no Fator 5 (autocontrole da agressividade em situações aversivas. Conclui-se que adolescentes usuários de maconha apresentam mais prejuízos nas habilidades do que adolescentes não usuários de substâncias.Esta investigación tuvo como objetivo evaluar las habilidades sociales de adolescentes usuarios de marihuana y comparar su desempeño con adolescentes no usuarios de esta droga. Los instrumentos utilizados fueron: Inventario de Habilidades Sociales - IHS; Screening Cognitivo del WISC-III y del WAIS-III, Inventarios de Ansiedad y Depresión de Beck. La muestra se constituyó de 98 adolescentes, 49 usuarios de marihuana y 49 no usuarios, con edades entre 15 y 22 años. Los resultados mostraron mayores perjuicios en el grupo de usuarios de marihuana en el screening cognitivo y en la presencia de síntomas de ansiedad y depresión. Los hallazgos evidenciaron diferencias estadísticas significativas en el grupo de usuarios de marihuana, con un desempeño más perjudicado en el Factor 4, Autoexposición a desconocidos o a situaciones nuevas y en el Factor 5, Autocontrol de la agresividad a situaciones aversivas. Se concluyó que adolescentes usuarios de

  2. Fatores de risco cardiovasculares em adolescentes: indicadores biológicos e comportamentais

    OpenAIRE

    Guedes,Dartagnan Pinto; Guedes,Joana Elisabete Ribeiro Pinto; Barbosa,Decio Sabbatini; Oliveira,Jair Aparecido de; Stanganelli,Luiz Cláudio Reeberg

    2006-01-01

    OBJETIVO: Oferecer informações descritivas e investigar a extensão com que os fatores de risco para doenças cardiovasculares de natureza comportamental estão associados aos fatores de risco biológicos na população jovem. MÉTODOS: Amostra de 452 adolescentes (246 moças e 206 rapazes) com idades entre 15 e 18 anos, selecionados de uma escola de ensino médio da cidade de Londrina, Paraná. Fatores de risco de natureza comportamental foram analisados mediante prática insuficiente de atividade físi...

  3. Conceito de si e alterações emocionais em adolescentes

    OpenAIRE

    Nunes, Ana Carla Pereira

    2011-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2011 A adolescência é caraterizada por uma multiplicidade de alterações físicas, afetivo-emocionais e relacionais que abalam as estruturas do self existentes e obrigam à (re)definição da identidade. Nesta fase de vida, a perceção do adolescente sobre si próprio – representada pelo Conceito de Si (CS) – vai s...

  4. Hepatocarcinoma como causa de abdome agudo em adolescente: relato de caso

    OpenAIRE

    2012-01-01

    O carcinoma hepatocelular (CHC) é pouco prevalente nos países ocidentais, porém é um dos tumores mais freqüentes na Ásia e a quinta causa de câncer no mundo.É relatado um caso de adolescente do sexo feminino sem fatores de risco para um tumor extremamente agressivo, internada no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A apresentação clínica foi de abdome agudo secundário a sangramento para cavidade peritoneal por ruptura do tumor evidenciado através de tomografia computorizada mu...

  5. Esquemas iniciais desadaptativos e ajustamento psicológico em crianças e adolescentes

    OpenAIRE

    2010-01-01

    Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010 A presente investigação refere-se a dois estudos que averiguaram a aplicabilidade da teoria cognitiva de Young referente aos Esquemas Iniciais Desadaptativos (EIDs) numa população não-clínica portuguesa (N=105), de crianças e adolescentes com idades compreendidas entre os 9 e os 19 anos (M=15,05). O est...

  6. O USO DA MACONHA ASSOCIADO AO DÉFICIT DE HABILIDADES SOCIAIS EM ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    2010-01-01

    El presente trabajo propone la realización de un estudio comparativo, a partir de la descripción de datos de una evaluación de las habilidades sociales de una muestra de adolescentes. La muestra se compuso de 30 sujetos, 15 de ellos usuarios de marihuana y 15 no usuarios de dicha substancia. Los resultados sugieren que el área más deficitaria en la población de usuarios de marihuana se relaciona con el autocontrol de la agresividad ante situaciones adversas, e incapacidad para afrontar sentim...

  7. Avaliação de pais de adolescentes em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Grabicoski, Bianca

    2016-01-01

    A avaliação é imprescindível à prática do psicólogo como forma de obtenção de informações que auxiliem no processo da tomada de decisão sobre encaminhamentos e tratamentos a serem realizados com cada indivíduo. Os protocolos usados para avaliação devem ter múltiplos instrumentos, que se complementem, visto tratar-se de uma avaliação forense, onde dificilmente o avaliado irá produzir provas contra si mesmo. O objetivo desse estudo foi avaliar pais de adolescentes infratores, agrupando caracter...

  8. Avaliação de pais de adolescentes em conflito com a lei

    OpenAIRE

    Grabicoski, Bianca

    2016-01-01

    A avaliação é imprescindível à prática do psicólogo como forma de obtenção de informações que auxiliem no processo da tomada de decisão sobre encaminhamentos e tratamentos a serem realizados com cada indivíduo. Os protocolos usados para avaliação devem ter múltiplos instrumentos, que se complementem, visto tratar-se de uma avaliação forense, onde dificilmente o avaliado irá produzir provas contra si mesmo. O objetivo desse estudo foi avaliar pais de adolescentes infratores, agrupando caracter...

  9. Prevalência de sobrepeso e obesidade em adolescentes de uma escola da rede pública do Recife Overweight and obesity prevalence in adolescents from a public school in Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisélia Alves Pontes da Silva

    2002-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar a prevalência de sobrepeso e obesidade em adolescentes de uma escola pública de Recife, Pernambuco, Brasil. MÉTODOS: realizou-se um estudo de corte transversal com 211 adolescentes de uma escola pública de Recife, no ano de 2000. Sobrepeso foi definido como Índice de Massa Corporal igual ou superior ao percentil 85 e inferior ao percentil 95, para idade e sexo. Obesidade foi definida como Índice de Massa Corporal igual ou superior ao percentil 95. RESULTADOS: as prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 6,2% e 5,7%, respectivamente. Não houve diferença estatisticamente significante nas prevalências de sobrepeso e obesidade entre os sexos. A prevalência de sobrepeso no sexo masculino foi de 6,6% e, no feminino, 5,6% (p = 0,99. A prevalência de obesidade foi de 6,7% no sexo feminino e de 4,9% no sexo masculino (p = 0,79. CONCLUSÕES: as prevalências de sobrepeso e obesidade entre os adolescentes estudados não alcançaram a magnitude observada nos países desenvolvidos. Contudo, devem ser valorizadas, devido ao risco de obesidade persistente na idade adulta e às diversas condições mórbidas associadas à obesidade.OBJECTIVES: to determine the prevalence of overweight and obesity in students from a public school in Recife, Pernambuco, Brazil. METHODS: a cross sectional study was performed with 211 adolescents from a public school in Recife, in 2000. Overweight was defined as a Body Mass Index equal or above the 85th percentile and below the 95th percentile. Obesity was defined as a Body Mass Index equal or above the 95th percentile. RESULTS: an overweight prevalence of 6,2% and an obesity prevalence of 5,7% were found. There was not a statistically significant difference in overweight and obesity prevalences between males and females. Overweight prevalence was 6,6% in the male sex and 5,6%, in females (p = 0,99. Obesity prevalence was 6,7% in female adolescents and 4,9% in males. CONCLUSIONS: the

  10. Medidas judiciais atinentes à atenção em saúde mental de adolescentes em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Henrique Soares

    Full Text Available Com base em uma pesquisa documental realizada na Vara da Infância e Juventude de São Paulo, que continha decisões judiciais determinando o encaminhamento de crianças e adolescentes usuários de substâncias psicoativas para tratamento no campo da saúde mental, este estudo objetivou analisar a orientação das decisões judiciais em relação ao modelo assistencial adotado nos casos concretos: o modelo psiquiátrico clássico ou o modelo de assistência proposto pela reforma psiquiátrica. Os resultados revelaram que, “a priori”, não há uma orientação assistencial definida, havendo a necessidade da análise do caso concreto, especialmente em relação a duas condições essenciais para a determinação do paradigma assistencial no campo da saúde mental adotado nas decisões judiciais: avaliação da esfera territorial dos pacientes e o conhecimento do específico serviço de saúde mental indicado para o tratamento.

  11. Instrumentos específicos para avaliar a qualidade de vida em crianças e adolescentes com asma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Roncada

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar e descrever os instrumentos específicos que avaliam a QVRS de crianças e adolescentes com asma. FONTES DOS DADOS: Realizamos buscas nas bases de dados PubMed, Ovid e LILACS utilizando várias combinações de descritores (MeSH terms, selecionando artigos originais sobre desenvolvimento de questionários específicos de QVRS, publicados em inglês, português ou espanhol, entre 1990 e 2012. SÍNTESE DOS DADOS: Foram identificados 15 instrumentos que preencheram os critérios de inclusão. A maioria dos estudos avaliou confiabilidade mediante consistência interna e/ou reprodutibilidade e/ou sensibilidade às mudanças. A validade foi avaliada mediante a comparação com hígidos (validade discordante ou análise fatorial. CONCLUSÕES: Dos 15 instrumentos, três são os mais utilizados, o PAQLQ, o PedsQL-Asthma e DISABKIDS. Em geral, estes três instrumentos possuem características psicométricas adequadas e são práticos de aplicar, mas apenas o PAQLQ completou a adaptação cultural para o Brasil.

  12. Entrevista de Crianças e Adolescentes em Contexto Policial e Forense: Uma Perspectiva do Desenvolvimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Paulo

    2015-09-01

    Full Text Available Conhecer as diferentes etapas do desenvolvimento humano é uma competência essencial para o entrevistador em contexto policial e forense. É imprescindível adaptar a entrevista em função da avaliação das competências da testemunha. Este artigo caracteriza as etapas do desenvolvimento humano ao longo da infância e adolescência, destacando o desenvolvimento da memória e outras competências relevantes para a entrevista de testemunhas. Analisou-se ainda a adequabilidade de várias metodologias utilizadas para este fim, salientando algumas diretrizes fundamentais para a condução de uma boa entrevista. Por fim, focou-se na Entrevista Cognitiva Melhorada enquanto técnica promissora para entrevistar crianças e adolescentes. Pretende-se não apenas rever de forma crítica a literatura existente, mas também construir um guia para os profissionais desta área.

  13. Educação escolar e conduta infracional em adolescentes: revisão integrativa da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Luiz da Silva

    2014-12-01

    Full Text Available A presente revisão integrativa de literatura investigou as relações existentes entre a educação escolar e a conduta infracional em adolescentes. As bases de dados consultadas foram PsycINFO, LILACS e Scielo, no período de 2008 a 2012. Aplicados critérios de inclusão e de exclusão, a revisão incidiu sobre 32 artigos. Os resultados evidenciaram que aspectos negativos da vivência escolar não somente contribuem para o desenvolvimento de conduta infracional na adolescência, como também se constituem em preditores significativos, especialmente a "fraca vinculação escolar". Todavia, trata-se de um processo de natureza complexa que é perpassado por múltiplos fatores pertencentes a diferentes domínios, que se encontram na dependência indireta de outros agentes e contextos sociais, apresentando também intensidade variada. Evidenciou-se ainda a necessidade de realização de mais estudos nacionais com vistas a uma melhor compreensão das especificidades da realidade educacional brasileira.

  14. Experiências homossexuais de adolescentes: considerações para o atendimento em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stella Regina Taquette

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivamos conhecer significados das práticas homoafetivas de adolescentes, tendo em vista contextos de vulnerabilidade que envolvem o exercício da sexualidade numa sociedade homofóbica. Realizamos entrevistas com nove rapazes e quatro moças que procuraram atendimento em saúde e relataram experiência homossexual. Para alguns rapazes, a experiência homossexual ocorreu de forma circunstancial, por curiosidade e experimentação; para outros, esteve associada à prostituição, e, para a maioria, relacionou-se à identidade homossexual autodeclarada. Nas moças, dois significados sobressaíram: a atividade homossexual associada ao amor e como possível reação à violência sexual sofrida antes do início da experiência homossexual. Todos os entrevistados revelaram nunca terem sido perguntados ou orientados acerca de homossexualidade nos serviços de saúde. O estudo evidencia a necessidade de uma política de atenção integral à saúde deste público, cuja sexualidade é diversa do padrão hegemônico da sociedade.

  15. Violências percebidas por homens adolescentes na interação afetivo-sexual em dez cidades brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Cecchetto

    2016-01-01

    Full Text Available O presente artigo apresenta as visões de adolescentes do sexo masculino sobre o tema da violência no namoro. A partir de entrevistas e grupos focais realizados em dez cidades brasileiras, entre 2007 e 2009, o texto toma como parâmetro a análise dos significados atribuídos pelos jovens às agressões físicas, psicológicas e sexuais no âmbito dos relacionamentos íntimos. A metodologia do estudo se concentra nos depoimentos de 257 estudantes do sexo masculino, de idades entre 15 e 19 anos, de escolas públicas e privadas do país. Os resultados do estudo mostram que os significados atribuídos ao fenômeno da violência no namoro são recortados por representações rígidas de papéis de gênero, correspondendo às expectativas em relação ao desempenho de homens e mulheres nas relações afetivo-sexuais.

  16. Adolescentes em privação de liberdade: as práticas de lazer e seus processos educativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elenice Maria Cammarosano-Onofre

    2013-10-01

    Full Text Available O presente artigo busca contribuir com as discussões existentes em relação ao lazer de adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação na Fundação Casa, em São Paulo/Brasil. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa e os dados foram coletados utilizando análise documental, observação participante e entrevistas semiestruturadas com cinco jovens. Identificaram-se três focos de análise: concepção de lazer; atividades de lazer; processos educativos. Para tal, tomou-se o foco atividades de lazer, sendo analisado antes da privação, durante a internação e durante o cumprimento de sanção disciplinar. O estudo evidencia a relevância da prática social do lazer como possibilidade objetiva de (reinserção do jovem à vida cotidiana, uma vez que se reveste de processos educativos que contribuem com a inclusão social.

  17. Estado nutricional en adolescentes, exceso de peso corporal y factores asociados Nutritional status in adolescents, body excess weight and associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendy Valdés Gómez

    2011-12-01

    Full Text Available Introducción: la adolescencia es una etapa crucial, con alta prevalencia de trastornos nutricionales, que luego continúan durante la vida adulta y se asocian con complicaciones a corto y a largo plazo. Objetivos: identificar la asociación entre el exceso de peso corporal y los antecedentes patológicos familiares de interés y algunos factores perinatales, la presencia de la hipertensión arterial y su relación con la historia familiar de hipertensión, el exceso de peso corporal y el incremento de adiposidad abdominal; y por último, identificar la presencia de acantosis nigricans y su relación con iguales factores. Métodos: se desarrolló un estudio descriptivo transversal para caracterizar el estado nutricional de los adolescentes de séptimo grado que asisten a la Secundaria Básica "José María Heredia", en el curso 2009-2010. La población estuvo constituida por 192 adolescentes, a los cuales, con previo consentimiento de los padres, se les realizaron las mediciones antropométricas (peso, talla, circunferencia de cintura y se calculó el índice de masa corporal, y además se midió la tensión arterial y se buscaron signos clínicos de resistencia insulínica. También se aplicó una encuesta a los padres acerca de los antecedentes patológicos familiares y algunos datos de sus hijos. Resultados: se encontró que el 20,31 % de los adolescentes presentaba sobrepeso u obesidad, lo cual se relacionó de forma significativa con la presencia de hipertensión arterial y signos clínicos de resistencia insulínica. La hipertensión arterial se halló en el 9,9 % de los adolescentes, sin relación con factores hereditarios. Conclusiones: la obesidad y el sobrepeso corporal constituyen un problema de salud en la población adolescente estudiada, lo cual se asocia con la presencia de hipertensión arterial y resistencia insulínica, no existió relación en su comportamiento con factores no modificables (antecedentes patológicos familiares

  18. Perfil do adolescente que tenta suicídio em uma unidade de emergência Perfi del adolescente que intenta suicidio admitido en una unidad de emergencia Profile of adolecent suicide attempters admitted in an emergency unit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia Avanci

    2005-10-01

    Full Text Available É freqüente o atendimento para tentativa de suicídio em Unidades de Emergência e estudar este fenômeno na adolescência é importante por ser um período de conflitos. Este estudo objetivou traçar um perfil epidemiológico de adolescentes admitidos em uma Unidade de Emergência diagnosticados como Tentativa de Suicídio. Para isso, foram examinados os atendimentos de adolescentes admitidos nesta Unidade, com o diagnóstico referido, no ano de 2002. Os resultados mostraram que 77,8% dos casos pertencem ao sexo feminino, predominância da faixa etária entre 15 e 19 anos, estado civil solteiro, cor branca, estudantes, com residência em bairros de baixo poder aquisitivo, utilizando a ingestão de medicamentos no período diurno, e são semelhantes aos descritos em outros estudos, necessitando assim atenção especial.Unidades de Emergencia frecuentemente atienden a intentos de suicidio y es importante estudiar este fenómeno en la adolescencia, ya que es un período de conflictos. La finalidad de este estudio fue delinear un perfil epidemiológico de adolescentes admitidos en una unidad de emergencia con diagnóstico de intento de suicidio. Por lo tanto, investigamos la atención de adolescentes admitidos en esta Unidad con el diagnóstico referido, en 2002. Los datos mostraron que 77,8% de los casos se refieren al sexo femenino, predominancia de la franja de edad entre 15 y 19 años, estado civil soltero, color blanco, estudiantes, que viven en barrios de bajo poder adquisitivo, utilizando la ingestión de medicamentos en el período diurno. Los hallazgos son semejantes a aquellos descritos en otros estudios y, por consiguiente, necesitan de atención especial.Emergency Units frequently assist suicide attempts. It is important to study this phenomenon in adolescence, since this is a conflict period. This study aimed to outline an epidemiological profile of adolescents admitted in an Emergency Unit, who were diagnosed as suicide attempters

  19. Lactancia materna y su relación con el exceso de peso corporal en adolescentes de secundaria básica Breastfeeding and its relation to corporal excess weight in secondary school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eumelia Ondina Terrero

    2010-03-01

    Full Text Available Introducción: el sobrepeso y la obesidad, factores de riesgo aterosclerótico, se incrementan de manera creciente en todas las edades. Las trasgresiones de la lactancia materna han sido relacionadas frecuentemente con el exceso de peso. Objetivos: contribuir al esclarecimiento de la relación entre la duración de la lactancia materna y el exceso de peso (sobrepeso y obesidad en adolescentes. Métodos: estudio observacional de casos y controles en 344 adolescentes que estudian en la Secundaria Básica Urbana "Benito Juárez" del área de salud del policlínico "Antonio Guiteras Holmes" en La Habana Vieja, realizado entre enero de 2005 y enero de 2006. A todos los estudiantes se les realizaron mediciones antropométricas de peso corporal, talla y circunferencia de cintura. El grupo control se conformó con los estudiantes normopeso. La asociación estadística entre la duración de la lactancia materna y el exceso de peso corporal se determinó mediante el cálculo de odds ratio con un nivel de significación de pIntroduction: the excess weight and obesity are atherosclerosis risks increasing in all ages. Transgressions of breastfeeding have been related frequently to excess weight. Objectives: to contribute to clearing up of relation between the length of breastfeeding and the excessive body weight (excess weight and obesity in adolescents. Methods: this is an observational study of cases and controls conducted in 344 adolescents studying in "Benito Juárez" Urban Secondary School (UBS from health area of "Antonio Guiteras Holmes" Polyclinic in Habana Vieja (January, 2005 to January, 2006. In all students we made anthropometry measurements of body weight, height and waist circumference. Control group included students with normal weight. Statistical association between breastfeeding and corporal excess weight was determined by odds ratio calculus con a 95 % accuracy. Results: it was verified the 14 % of excess weight and the 4% of obesity. The

  20. Imagem corporal e status social de estudantes brasileiros envolvidos em bullying

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Levandoski

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar o envolvimento bullying em escolares e compará-lo em relação à imagem corporal e o status social no ambiente escolar. Participaram deste estudo 337 alunos sendo 184 garotos e 153 garotas com média etária de 12.77 anos regularmente matriculados na 6ª série do ensino fundamental de uma escola de ensino público da cidade de Florianópolis- BR. Foram utilizados o Questionário para o Estudo da Violência entre Pares, um exame sócio-métrico, escala percepção da imagem corporal e a escala de status social na escola. A análise de dados foi realizada por meio de estatística descritiva e inferencial adotando p ≤ .05. A incidência foi de 28.3% de alunos envolvidos com bullying, sendo que 14.1, 4.3 e 9.8% eram vítimas (V, agressores/vítimas (AV e agressores (A. Não houve diferença entre os envolvidos em relação à auto imagem percebida e a ideal, mas encontrou-se que tanto as (V quanto os (AV gostariam de ser maiores fisicamente; em média, os (A estão mais satisfeitos com sua imagem corporal e apresentam maior popularidade em sala de aula em relação as (V e (AV. Considera-se que a imagem e a percepção corporal, bem como, a posição social exercem influência e diferem na ação de (A e (V no processo do bullying.

  1. Versão brasileira do "BITE" para uso em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Christine Cavalcanti Ximenes

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue traducir al portugués y adaptar el Bulimic Investigatory Test of Edimburg - BITE en una muestra de 109 adolescentes de 12 a 16 años. Se hizo la traducción y la posterior traducción, adaptación cultural, validación y aplicación de la cara escala. Para validar el cuestionario, se obtuvo una coincidencia observada, kappa intra e inter-evaluador y el Alfa de Cronbach. El acuerdo observado y el análisis de kappa de intra e inter-evaluador variaba de buena a excelente (CO - 88,9% a 100% y kappa 0,60 a 1,0. La medida de la alfa de Cronbach indica un alto grado de consistencia interna (0,76, que garantiza la fiabilidad de la escala. La traducción de la BITE - versión para adolescentes mostró una buena equivalencia lingüística, conceptual y la escala, las tasas de proyección de la fiabilidad y la validez de contenido.

  2. SÍNDROMES HIPERTENSIVAS GRAVES – ESTUDO DESCRITIVO COM ADOLESCENTES ATENDIDAS EM MATERNIDADE ESCOLA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Gregório Lima

    2012-01-01

    Full Text Available Estudio exploratorio y descriptivo, con objetivo de analizar los datos clínicos y obstétricos relacionados a síndromes hipertensivos graves en adolescentes asistidas en maternidad escuela de Recife-PE, Brasil. La población fue de 186 adolescentes embarazadas con preeclampsia severa y/o eclampsia entre 2003 y 2008. La edad varió entre 15 y 19 años, eran negras, solteras y con baja escolaridad. La mayoría era primíparas, pero la recurrencia del embarazo fue de 16% de los casos. Realizaran seis o más consultas de prenatal, el embarazo avanzó a término y el tipo de parto más frecuente fue la cesárea. Las comorbidades identificadas fueron alteraciones de volumen del líquido amniótico, cuadros hemorrágicos e infecciosos. Fueron identificados también casos de retraso del crecimiento intrauterino, prematuridad, ictericia, hipoxia y bajo peso al nacer. El embarazo en la adolescencia asociado con los síndromes hipertensivos severos posee relación con complicaciones maternas, fetales y neonatales.

  3. Detecção de hipertensão arterial em adolescentes através de marcadores gerais e adiposidade abdominal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diego G. D Christofaro

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A obesidade está ligada à hipertensão arterial (HA na infância. Entretanto, o papel da gordura como preditor de HA em adolescentes permanece desconhecido. OBJETIVO: Investigar a associação entre obesidade geral e abdominal com HA e identificar a sensibilidade e especificidade desses indicadores para detectar HA em adolescentes. MÉTODOS: A amostra consistiu em 1.021 adolescentes com idade de 10-17 anos. Os indivíduos foram classificados como normal, sobrepeso/obesidade, de acordo com as medidas do IMC, e como não-obeso com obesidade abdominal, de acordo com as medidas da circunferência da cintura (CC. A pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD foi avaliada através de um dispositivo oscilométrico. Regressão logística e curvas ROC foram usadas na análise estatística. RESULTADOS: A prevalência geral de HA foi 11,8% (13,4% em meninos e 10,2% em meninas. A prevalência de HA em meninos e meninas com sobrepeso/obesidade foi 10% e 11,1%, respectivamente. A prevalência de HA em meninos com obesidade abdominal foi 28,6%. Para ambos os sexos, o odds ratio (OR para HA foi mais alto na obesidade abdominal do que no sobrepeso/obesidade geral (4,09 [OR IC95% = 2,57-6,51] versus 1,83 [OR IC95% = 1,83-4,30]. O OR para HA foi mais alto quando sobrepeso/obesidade geral e obesidade abdominal estavam agrupados (OR = 4,35 [OR IC95% = 2,68 -7,05], do que quando identificados como sobrepeso/obesidade geral ou obesidade abdominal apenas (OR = 1,32 [OR IC95% = 0,65- 2,68]. Entretanto, ambos os tipos de obesidade apresentavam baixo poder preditivo na detecção de HA. CONCLUSÃO: Obesidade geral e obesidade abdominal foram associadas com HA; entretanto, a sensibilidade e especificidade dessas variáveis na detecção de HA são baixas em adolescentes brasileiros.

  4. Vitamina D em crianças e adolescentes com doença falciforme: uma revisão integrativa

    OpenAIRE

    Jacqueline Faria de Oliveira; Natália Gomes Vicente; Juliana Pereira Pontes Santos; Virgínia Resende Silva Weffort

    2015-01-01

    ResumoObjetivo:Revisar a literatura sobre a frequência da deficiência de vitamina D e suas consequências em crianças e adolescentes com anemia falciforme.Fontes de dados:O levantamento bibliográfico foi feito nas bases bibliográficas Medline, U.S. National Library of Medicine e National Institutes of Health (PubMed), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs) e Cochrane. Os descritores foram selecionados com o uso do Medical Heading Terms (MeSH): “Vitamin D...

  5. Comportamentos bulímicos em atletas adolescentes corredoras de fundo Bulimic behaviours in female adolescent endurance runners

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Magalhães Bosi

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de comportamentos bulímicos e sua intensidade entre atletas adolescentes do sexo feminino corredoras de fundo. MÉTODO: De um total de 40 atletas adolescentes (16±1,8 ano, registradas na Federação de Atletismo do Rio de Janeiro, foram estudadas 17 meninas corredoras de fundo. O instrumento utilizado para investigar comportamentos bulímicos e sua gravidade foi o BITE (Bulimic Investigatory of Edinburg, um questionário auto-aplicável, em sua versão em português. RESULTADOS: Os resultados apontaram que 35,6% das atletas (N=6 apresentavam escores acima do limite de normalidade (=10 e 29,4% (N=5 padrão não usual (entre 10 e 19. Foi detectado um caso com escore superior a 20, indicando presença do problema. No que se refere à gravidade, valores acima de 5 na escala de gravidade do BITE foram considerados significativos, totalizando na amostra apenas um caso. CONCLUSÃO: Tendo em vista a detecção de padrões não usuais e mesmo um caso de maior gravidade indicado pelo alto escore encontrado, tornam-se necessários estudos mais abrangentes junto ao segmento focalizado, de modo a subsidiar medidas preventivas. Os resultados indicam, ainda, a necessidade de alertar e informar familiares e profissionais envolvidos no trabalho junto a essas adolescentes sobre o perigo potencial dos comportamentos identificados.OBJECTIVE: The aim of the present work is to evaluate bulimic behaviors among female adolescent endurance runners. METHODS: From a total of 40 athletes affiliated to the Track and Field Federation of Rio de Janeiro, 17 female teenager endurance runners (age: 16±1,8 years were examined. The instrument used to investigate bulimic behavior and its gravity was BITE (Bulimic Investigatory of Edinburg. RESULTS: The results showed that 35,6% of the athletes (6 of them had scores above the limit of normality (=10 29,4% (4 of them showed a non-usual pattern (between 10 and 19. It was found one case with score above

  6. Caracterização de adolescentes do sexo masculino em relação a comportamentos antissociais

    OpenAIRE

    2015-01-01

    El objetivo de este estudio es caracterizar los comportamientosdivergentes e infraccionales en muestras de adolescentes brasileños, compuestas por 133 adolescentesde la población en general, reclutados de las escuelas públicas, y otros 60 adolescentes judicializados,reclutados de programas de medida judicial. Los participantes respondieron a un cuestionario decomportamiento juvenil, incluyendo comportamientos divergentes y delictivos. Resultados: la mayoríade los adolescentes de la población ...

  7. Relación entre la satisfación con la imagen corporal autoconcepto físico, índice de masa corporal y factores socioculturales en mujeres adolescentes costarricenses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura García Fernández

    2007-12-01

    Full Text Available El propósito del estudio fue analizar la relación entre la satisfacción con la imagen corporal (IC con el autoconcepto físico (AF, el índice de masa corporal (IMC y factores sociales, en una muestra de 99 mujeres (15,85 ñ0,98 años de edad e IMC de 21,62ñ3,09 kg/m2. Se utilizó: la escala de Stunkard y cols. (1983 para establecer la satisfacción con la IC; el cuestionario de Marsh y Southerlan (1994 para medir el AF general y sus dimensiones y otro cuestionario elaborado para esta investigación, donde se recopiló datos personales, sociales e indicadores de la composición corporal para el cálculo del IMC. Los resultados mostraron que el grupo de adolescentes satisfechas con su IC reportaron un puntaje promedio mayor en apariencia física pero menor en el AF general en comparación con las insatisfechas. Se encontró relación significativamente negativa entre IMC y la apariencia física. Por lo tanto se concluye que la muestra en estudio basa la satisfacción de su IC en relación con indicadores corporales como el peso, de manera que a menor peso más satisfechas están con su apariencia física e IC, por lo tanto, se le debe dar una orientación adecuada a esta muestra de sujetos para evitar que puedan caer en algún tipo de trastorno de alimentación, como método drástico para la reducción de peso.

  8. Marcadores reduzidos para a avaliação da personalidade em adolescentes Marcadores reducidos para la evaluación de la personalidad en adolescentes Brazilian mini-markers for assessing personality in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Hauck Filho

    2012-08-01

    Full Text Available Os Marcadores Reduzidos para a Avaliação da Personalidade mensuram os Cinco Grandes Fatores (CGF mediante 25 adjetivos comumente utilizados para descrever diferenças individuais em português brasileiro. Contudo, até o momento, suas propriedades psicométricas com adolescentes não haviam sido investigadas. Dessa maneira, o presente estudo teve como objetivo avaliar a estrutura fatorial do instrumento em duas amostras de estudantes adolescentes. O primeiro estudo contou com 208 estudantes escolares (média de idades=15,97; DP=1,00. Análises de componentes principais do instrumento revelaram uma estrutura de cinco componentes oblíquos com apenas 20 marcadores. Esse modelo foi testado em uma segunda amostra com 280 estudantes (média de idades=15,53; DP=1,00 de forma confirmatória contra modelos alternativos. Os índices de ajuste também favoreceram um modelo de cinco fatores oblíquos. Os resultados, em conjunto, sugerem a adequação de uma versão do instrumento com apenas 20 marcadores para uso com adolescentes.Los Marcadores Reducidos para la Evaluación de la Personalidad mensuran los Cinco Grandes Factores (CGF mediante 25 adjetivos comúnmente utilizados para describir diferencias individuales en portugués brasileño. Todavía, hasta ahora, sus propiedades psicométricas con adolescentes no habían sido investigadas. De esa manera, el presente estudio tuvo como objetivo evaluar la estructura factorial del instrumento en dos muestras de estudiantes adolescentes. El primer estudio contó con 208 estudiantes (promedio de edades=15,97; DP=1,00. Análisis de componentes principales del instrumento revelaron una estructura de cinco componentes oblicuos con apenas 20 marcadores. Ese modelo fue testado en una segunda muestra con 280 estudiantes (promedio de edades=15,53; DP=1,00 de forma confirmatoria contra modelos alternativos. Los índices de ajuste también favorecieron un modelo de cinco factores oblicuos. Los resultados, en conjunto

  9. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes Socioeconomic influence on eating disorders risk behaviors in adolescents

    OpenAIRE

    Karin Louise Lenz Dunker; Cássia Peres Bonar Fernandes; Daniel Carreira Filho

    2009-01-01

    OBJETIVO: Investigar comportamentos de risco para transtornos alimentares (TA) em adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. MÉTODO: 183 adolescentes do sexo feminino de 15 a 18 anos de duas escolas (pública e particular) foram avaliadas quanto à renda e escolaridade dos pais, estado nutricional, comportamentos de risco para TA (Teste de Atitudes Alimentares - EAT-26), atitudes socioculturais quanto à aparência (Escala das Atitudes Socioculturais Voltadas para Aparência - SATAQ-3), pe...

  10. O uso de escalas de silhuetas na avaliação da satisfação corporal de adolescentes: revisão sistemática da literatura El uso de escalas de siluetas en la evaluación de la satisfacción corporal de adolescentes: revisión sistemática de la literatura Silhouette scales and body satisfaction in adolescents: a systematic literature review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waleska Teixeira Caiaffa

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo foi sintetizar estudos sobre satisfação corporal de adolescentes, com foco no uso da escala de silhuetas. Realizaram-se buscas nas bases de dados MEDLINE, LILACS e SciELO, além de teses e dissertações. Foram consideradas 36 publicações nacionais e internacionais. A escala mais utilizada foi a de Stunkard et al., e as imagens foram apresentadas em ordem ascendente, em folha única e autoaplicada. A maioria comparou satisfação versus insatisfação, pelo teste qui-quadrado, e não considerou possíveis variáveis de confusão. Dentre os 18 estudos incluídos na meta-análise, a prevalência de insatisfação variou de 32,2% a 83%, sendo observada não só grande heterogeneidade entre eles (valor de p = 0,000; I² = 87,39, mesmo estratificando-se em subgrupos, como também ausência de informações metodológicas relevantes. Recomenda-se maior rigor na aplicação das escalas e na apresentação dos métodos de estudos sobre a satisfação corporal avaliada pela escala de silhuetas, além da condução de novas investigações metodológicas assim como aqueles que elucidem os fatores relacionados à satisfação corporal.El objetivo fue sintetizar estudios sobre satisfacción corporal de adolescentes, centrándose en el uso de la escala de siluetas. Se realizaron búsquedas en las bases de datos MEDLINE, LILACS y SciELO, además de tesis y disertaciones. Se consideraron 36 publicaciones nacionales e internacionales. La escala más utilizada fue la de Stunkard et al., y las imágenes fueron presentadas en orden ascendente, en una hoja única y autoaplicada. La mayoría comparó satisfacción versus insatisfacción, por el test chi-cuadrado, y no consideró posibles variables de confusión. Entre los 18 estudios incluidos en el meta-análisis, la prevalencia de insatisfacción varió de un 32,2% a un 83%, siendo observada no solo una gran heterogeneidad entre ellos (valor de p = 0,000; I² = 87,39, incluso estratificándose en

  11. Postura corporal, voz e autoimagem em cantores líricos

    OpenAIRE

    Mello,Ênio Lopes; Ballestero,Luiz Ricardo Basso; Silva,Marta Assumpção de Andrada e

    2015-01-01

    A consciência corporal é um pré-requisito imprescindível na manutenção da postura e na elaboração da gestualidade vocal e corporal para os cantores líricos. O objetivo desse estudo foi discutir sobre as relações entre signos posturais e vocais com a autoimagem em cantores líricos. Para tanto, foi realizada uma discussão semiológica baseada na Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Filosofia, Psicologia e Artes, principalme...

  12. Dieta rica em proteína na redução do peso corporal

    OpenAIRE

    Pedrosa,Rogerio Graça; DONATO JUNIOR, Jose; Tirapegui, Julio

    2009-01-01

    A proporção ideal dos macronutrientes em dietas de emagrecimento é atualmente bastante discutida. Existem evidências de que dietas com maior proporção de proteína aumentam a perda de peso e de gordura corporal e diminuem a perda de massa corporal magra durante o emagrecimento. Todavia, os mecanismos responsáveis por estes efeitos não estão totalmente esclarecidos. Além disso, existem poucas conclusões a respeito dos possíveis efeitos colaterais dessas dietas na função renal e no estado nutric...

  13. Escala de VO2pico em adolescentes obesos e não-Obesos por diferentes métodos

    OpenAIRE

    2009-01-01

    FUNDAMENTO: O consumo de oxigênio de pico (VO2pico) pode ser definido como a maior taxa de consumo de oxigênio durante exercício exaustivo ou máximo. A avaliação da aptidão aeróbica pode ser expressa como relativa à massa corporal, mas esse procedimento pode não remover completamente as diferenças quando indivíduos pesados são avaliados. Assim, o procedimento com escala alométrica é uma estratégia atraente para comparar indivíduos com grandes diferenças em massa corporal. OBJETIVO: Investigar...

  14. A relação das Habilidades Sociais educativas e das práticas educativas maternas com os problemas de comportamento em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Mello Sabbag

    2011-08-01

    Full Text Available Este estudo buscou correlacionar as habilidades sociais educativas e as práticas educativas maternas com as habilidades sociais e os problemas de comportamento dos adolescentes do sexo feminino e masculino, considerando os grupos de risco e os de não risco para problemas de comportamento. Para tanto, foram investigados os comportamentos maternos através do Roteiro de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P e do Inventário de Estilo Parental (IEP. Os comportamentos dos adolescentes foram avaliados através do RE-HSE-P e do Child Behavior Checklist. Participaram do estudo 24 mães e seus filhos adolescentes dos grupos de risco e de não risco. Os resultados apontaram para correlações positivas entre as habilidades sociais educativas maternas no RE-HSE-P e as práticas educativas maternas no IEP. As comparações entre os grupos de risco e os de não risco mostraram que as mães dos adolescentes do grupo de risco apresentaram maior frequência de práticas negativas. Seus filhos mostraram menor frequência de habilidades sociais e maior frequência de problemas de comportamento. Não foram encontradas divergências entre as práticas maternas aplicadas aos adolescentes do sexo masculino e feminino. Também não houve diferenças quanto às habilidades sociais e aos problemas de comportamento em meninos e meninas.

  15. Exploração vocacional em adolescentes: avaliação de uma intervenção em classe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martina Königstedt

    2010-12-01

    Full Text Available Analisa-se o impacto de uma intervenção psicológica na exploração e tomada de decisão vocacional em adolescentes portugueses. Em contexto curricular e de classe, desenvolveram-se actividades de exploração do meio e do Eu com 39 alunos e 43 alunas do 9º ano, entre 13 e 17 anos (M=14,4, DP=0,95. Em um design pré/pós-teste, aplicaram-se o Career Exploration Survey (CES e o Career Decision Difficulties Questionnaire (CDDQ. Os resultados do teste do sinal evidenciaram ganhos significativos (p<0,01 nas dimensões de exploração e diminuição significativa da falta de informação profissional (p<0,01 e do total das dificuldades de decisão (p<0,05. Observou-se um padrão de correlações negativas (ró de Spearman entre as duas medidas vocacionais, evidenciando uma relação entre a informação explorada na intervenção e a diminuição das dificuldades de decisão por falta de motivação. Em geral, os resultados suportam a importância do papel da exploração da carreira na diminuição das dificuldades de tomada de decisão.

  16. Hepatocarcinoma como causa de abdome agudo em adolescente: relato de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Augusto dos Santos Martines

    2012-08-01

    Full Text Available O carcinoma hepatocelular (CHC é pouco prevalente nos países ocidentais, porém é um dos tumores mais freqüentes na Ásia e a quinta causa de câncer no mundo.É relatado um caso de adolescente do sexo feminino sem fatores de risco para um tumor extremamente agressivo, internada no Hospital Universitário da Universidade de São Paulo. A apresentação clínica foi de abdome agudo secundário a sangramento para cavidade peritoneal por ruptura do tumor evidenciado através de tomografia computorizada multidetectores (TCMD confirmado por laparotomia exploradora e biópsia hepática e tratada com rafia hemostática do parênquima hepático.

  17. Fatores de risco cardiovascular em adolescentes: prevalência e associação com fatores sociodemográficos Cardiovascular risk factors for adolescents: prevalence and association with sociodemographic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Cazuza de Farias Júnior

    2011-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Determinar a prevalência de fatores de risco cardiovascular (individual e co-ocorrência; e investigar a relação entre esses fatores e indicadores sociodemográficos em adolescentes. MÉTODOS: A amostra, selecionada por conglomerados em dois estágios (escolas, turmas, foi constituída de 782 adolescentes (14-17 anos de idade, 54,9% do sexo feminino do ensino médio no município de João Pessoa - PB, Brasil. As variáveis independentes foram sexo, idade e condição econômica. Os desfechos investigados foram: níveis insuficientes de atividade física, hábitos alimentares inadequados, pressão arterial elevada, etilismo, excesso de peso corporal e tabagismo. RESULTADOS: Níveis insuficientes de atividade física (59,5% e hábitos alimentares inadequados (49,5% foram os fatores de risco cardiovascular mais prevalentes. Pressão arterial elevada, etilismo e excesso de peso foram mais prevalentes no sexo masculino, e níveis insuficientes de atividade física no sexo feminino. Cerca de 10% dos adolescentes não apresentaram nenhum fator de risco, e 51,4% apresentaram dois ou mais fatores de forma simultânea. Os adolescentes do sexo masculino (OR = 1,89; 1,35 - 2,65 e aqueles que pertenciam aos estratos econômicos mais pobres tiveram maiores chances de apresentar um ou mais fatores de risco biológicos (OR = 1,69; IC95% = 1,16 - 2,47. CONCLUSÃO: A prevalência de fatores de risco cardiovascular foi elevada, com destaque para a exposição simultânea a múltiplos fatores de risco. Os adolescentes do sexo masculino e os mais pobres foram os subgrupos com maior exposição a fatores de risco biológicos de forma simultânea.OBJECTIVE: The objective of this study was to determine the prevalence of cardiovascular risk factors (individual and co-occurrence; and to analyze their relationship with demographic and socioeconomic variables in adolescents. METHODS: A two-stage cluster sampling process was used (school and class. The sample

  18. ESCOLHAS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. S. ZANCUL

    2008-11-01

    Full Text Available

    Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar comparativamente preferências alimentares de alunos dentro das escolas de ensino fundamental no município de Ribeirão Preto (SP, avaliar o estado nutricional dos estudantes, segundo indicadores antropométricos, e discutir o espaço da escola como alternativa para a educação alimentar. Foram analisados, neste estudo, 401 adolescentes cursando de 5ª a 8ª séries de escolas das redes pública e privada. Os dados foram coletados por meio de um questionário adaptado previamente testado. Os estudantes foram também pesados e medidos e o programa Epi Info 2000 foi usado para a organização dos dados. Os resultados demonstram que 70% dos adolescentes compram alimentos na cantina da escola. Dentre os alimentos citados estão: salgados (61,4%, refrigerantes (22,3%, e balas (52,7%. A disciplina Ciências é a mais citada pelos alunos como aquela na qual os conteúdos sobre alimentação foram trabalhados. A classifi cação do estado nutricional dos estudantes, feita pelos percentis de acordo com o IMC para idade e sexo, verifi cou que 12,6% apresentam sobrepeso e 8,5% apresentam obesidade. A escola pode exercer um papel fundamental na promoção da educação nutricional, com objetivo de desenvolver atitudes e hábitos saudáveis. calories and no sugar versions.

  19. Prevalence and factors associated with alcohol use among pregnant adolescents Prevalencia y factores asociados al uso de alcohol en adolescentes embarazadas Prevalência e fatores associados ao uso de álcool em adolescentes grávidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Uchôa Portela Veloso

    2013-02-01

    : el estudio apunta una prevalencia de 32,4% para el uso de alcohol en el embarazo de adolescentes. De estas 36,1% poseen puntaje compatible con el uso de riesgo. Los factores asociados a mayor riesgo de uso de alcohol en el embarazo son: no poseer compañero, renta inferior a 1 salario mínimo, no tener religión, realizar hasta 3 consultas de prenatal, haber sufrido violencia y uso de alcohol en embarazos anteriores. CONCLUSIÓN: se identificó una alta prevalencia del consumo de alcohol en adolescentes embarazadas y diversos factores de riesgo que participan de este proceso. Estos datos reflejan la necesidad de que el enfermero utilice tecnologías de rastreo del consumo de alcohol en el período de embarazo y utilice estrategias de promoción de la salud en grupos de adolescentes.OBJETIVO: identificar o uso de álcool e os fatores associados em adolescentes grávidas do município de Teresina, PI. MÉTODO: trata-se de estudo transversal com 256 adolescentes grávidas, cujos dados obtidos foram por meio de formulários com questões referentes às variáveis socioeconômicas, gestacionais e características do consumo de álcool e aplicação do Alcohol Use Desorders Identification Test, instrumento desenvolvido pela Organização Mundial de Saúde, para rastreio do uso excessivo de álcool. Realizou-se análise estatística descritiva, teste qui-quadrado e Odds Ratio. RESULTADOS: o estudo aponta prevalência de 32,4% para o uso de álcool na gestação em adolescentes. Dessas, 36,1% possuíam escore compatível com uso de risco. Os fatores associados ao maior risco de uso de álcool na gestação são: não possuir companheiro, renda inferior a 1 salário-mínimo, não ter religião, realizar até 3 consultas de pré-natal, ter sofrido violência e uso de álcool em gestações anteriores. CONCLUSÃO: identificou-se alta prevalência do consumo de álcool em adolescentes grávidas e diversos fatores de risco envolvidos nesse processo. Esses dados refletem a

  20. Atendimento à saúde de crianças e adolescentes em situação de violência sexual, em quatro capitais brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suely Ferreira Deslandes

    Full Text Available O artigo analisa a atenção à saúde de crianças e adolescentes em situação de violência sexual (VS na rede pública municipal de saúde de quatro capitais brasileiras – Porto Alegre (RS, Belém (PA, Fortaleza (CE e Campo Grande (MS –, enfocando a disponibilidade de serviços e a oferta de atendimentos, tais como a anticoncepção de emergência hormonal (AEH, profilaxias para doenças sexualmente transmissíveis (DSTs e interrupção legal da gravidez (ILG. O método de estudo de casos foi conduzido por entrevistas semiestruturadas, com vinte gestores e técnicos do nível central, representantes das secretarias municipais de saúde, e de análise documental. A atenção é desigual entre as capitais. Considerando-se a alta demanda, há baixa oferta de serviços em três delas. Os atendimentos especializados, como AEH e ILG, encontram resistências dos profissionais e setores religiosos. Destacam-se inovações de dois Centros Integrados de Atenção e de um Centro de Atenção Psicossocial Pós-Trauma.

  1. Sintomatologia depressiva em adolescentes iniciais: estudo de base populacional Depressive symptomatology in early adolescents: population-based study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Dias de Mattos Souza

    2008-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de sintomatologia depressiva em adolescentes entre 11 e 15 anos em Pelotas, RS, e identificar seus fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de adolescentes da zona urbana da cidade de Pelotas, RS. Dos 448 setores censitários existentes no município, 79 foram aleatoriamente sorteados. Os jovens entre 11 e 15 anos localizados nestes setores foram convidados a responder o questionário auto-aplicado que continha perguntas sobre: idade, sexo, vida escolar, religião, atividades físicas, entretenimento, tabaco, consumo de álcool, uso de outras drogas, relacionamentos sexuais e conduta. Além disso, a sintomatologia depressiva dos adolescentes foi avaliada por meio da escala Children's Depression Inventory (CDI, também presente no instrumento de pesquisa. Para a análise dos dados foi utilizada a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico. RESULTADOS: A prevalência de depressão foi de 2,1%. Após a regressão logística ajustada ao modelo hierárquico, estiveram significativamente associados à depressão: baixa condição socioeconômica, histórico de fracasso acadêmico, ausência de prática religiosa, abuso de álcool nos últimos 30 dias e indicativo de transtorno de conduta. CONCLUSÃO: É evidenciada a necessidade de programas preventivos e integrados de política na adolescência para depressão e comportamentos de risco à saúde.AIM: Verify the prevalence of depressive symptomatology in adolescents aged between 11 and 15 in Pelotas, RS, and identify its associated factors. METHODS: A cross-sectional base-populational study with a representative sample of adolescents of urban area of Pelotas, RS. Among the 448 census tracts in the urban area of Pelotas, 79 were randomly selected. Youths between 11 and 15 years answered a confidential self-report questionnaire on issues such as: age, gender, school life, religion, physical activities

  2. CURVAS DE REFERENCIA DEL ÍNDICE DE MASA CORPORAL PARA NIÑAS , NIÑOS Y ADOLESCENTES COSTARRICENSES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Moncada Jiménez

    2009-01-01

    Full Text Available En el artículo se presentan curvas del índice de masa corporal para hombres (n = 5031 y mujeres (n = 4959 costarricenses entre 8 y 17 años. Se destacan los percentiles que definen desnutrición, peso normal, sobrepeso y obesidad.

  3. CURVAS DE REFERENCIA DEL ÍNDICE DE MASA CORPORAL PARA NIÑAS , NIÑOS Y ADOLESCENTES COSTARRICENSES

    OpenAIRE

    2009-01-01

    En el artículo se presentan curvas del índice de masa corporal para hombres (n = 5031) y mujeres (n = 4959) costarricenses entre 8 y 17 años. Se destacan los percentiles que definen desnutrición, peso normal, sobrepeso y obesidad.

  4. Escala de VO2pico em adolescentes obesos e não-Obesos por diferentes métodos Escala de VO2pico en adolescentes obesos y no obesos por diferentes métodos Scale of VO2peak in obese and non-obese adolescents by different methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gerusa Eisfeld Milano

    2009-12-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O consumo de oxigênio de pico (VO2pico pode ser definido como a maior taxa de consumo de oxigênio durante exercício exaustivo ou máximo. A avaliação da aptidão aeróbica pode ser expressa como relativa à massa corporal, mas esse procedimento pode não remover completamente as diferenças quando indivíduos pesados são avaliados. Assim, o procedimento com escala alométrica é uma estratégia atraente para comparar indivíduos com grandes diferenças em massa corporal. OBJETIVO: Investigar o VO2pico em indivíduos obesos e não-obesos usando o método de correção de massa corporal (convencional e escala alométrica (método alométrico e, como esses métodos são aplicados quando indivíduos de ambos os sexos se exercitam em uma esteira ergométrica. MÉTODOS: O VO2pico relativo ao peso corporal e pelo método alométrico foi comparado em 54 adolescentes obesos e 33 não-obesos (10 a 16 anos. Calorimetria indireta foi usada para avaliar o VO2pico durante um teste máximo. O expoente alométrico foi calculado levando-se em consideração a massa corporal individual. Então o VO2pico foi corrigido pelo expoente alométrico. As comparações foram realizadas usando-se two-way ANOVA para medidas repetidas (p0,05. Entretanto, o VO2pico calculado pelo método convencional foi maior (p0,05 entre os grupos. CONCLUSÃO: Indivíduos obesos apresentaram VO2pico mais baixo do que os não-obesos, quando avaliados pelo método convencional. Entretanto, quando o método da escala alométrica foi aplicado, as diferenças desapareceram.FUNDAMENTO: El consumo pico de oxígeno (VO2pico puede ser definido como la mayor tasa de consumo de oxígeno durante ejercicio exhaustivo o máximo. La evaluación de aptitud aeróbica puede expresarse como relativa a la masa corporal, pero ese procedimiento puede no resolver completamente las diferencias cuando se evalúan individuos pesados. Por ello, el procedimiento con escala alométrica es una

  5. Relação da obesidade com a pressão arterial elevada em crianças e adolescentes Relationship of obesity with high blood pressure in children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Goretti Barbosa de Souza

    2010-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Excessos de peso e de gordura corporal são atualmente reconhecidos como os maiores determinantes da elevação da pressão arterial em crianças e adolescentes. OBJETIVO: Identificar associação e correlação entre obesidade - identificada por meio da circunferência da cintura (CC, da prega cutânea do tríceps (PCT e do índice de massa corporal (IMC - pressão arterial elevada (PAE em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal, de base populacional escolar, em crianças e adolescentes de ambos os sexos, com idades entre 7 e 17 anos, selecionados aleatoriamente. Protocolo: questionário estruturado; medidas de peso, altura, espessura da prega tricipital, circunferência da cintura, pressão arterial; diagnóstico de obesidade por meio de IMC, PCT e CC; diagnóstico de PAE. Análise estatística: qui-quadrado. RESULTADOS: Foram avaliados 1.253 estudantes (547 do sexo masculino, média de idade 12,4 ± 2,9 anos, e identificou-se uma prevalência de obesidade (IMC, PCT, CC, respectivamente, de 13,7%, 14,8% e 9,3%. A PAE foi identificada em 7,7% dos jovens. Houve associação significante de obesidade (IMC, PCT, CC com PAE (*p BACKGROUND: Excess weight and body fat are currently recognized as the major determinants of high blood pressure in children and adolescents. OBJECTIVE: To identify the relationship between obesity - identified by waist circumference (WC, triceps skinfold thickness (TSF and body mass index (BMI - high blood pressure (HBP in children and adolescents. METHODS: A cross-sectional epidemiological study based on school population in children and adolescents of both sexes, aged between 7 and 17 years, randomly selected. Protocol: a structured questionnaire; measures of weight, height, triceps skinfold thickness, waist circumference, blood pressure, diagnosis of obesity through BMI, TSF thickness and waist circumference; diagnosis of HBP. Statistical analysis: Chi-square. RESULTS: A total

  6. Sintomas depressivos e uso de Cannabis em adolescentes Síntomas depresivos en adolescentes usuarios de Cannabis Depressive symptoms in young Cannabis users

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Moraes Ramos Andrade

    2008-09-01

    Full Text Available A depressão é um dos transtornos psiquiátricos mais comuns na adolescência. Os quadros depressivos costumam apresentar elevadas taxas de comorbidades psiquiátricas, sendo freqüente o abuso de substâncias psicoativas. O artigo investiga a associação dos sintomas depressivos e o uso da cannabis. MÉTODO: Revisão sistemática, análise dos artigos indexados no Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science e Lilacs, entre 2000 e 2005, descritores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager e cannabis. RESULTADOS: Revisados 36 artigos completos, resultando no estudo de 9 artigos, que tratam de sintomas depressivos ou depressão e o uso ou dependência de cannabis em adolescentes. Os estudos confirmam a associação entre sintomas depressivos e o uso de cannabis na adolescência, sendo esta associação mais freqüente no uso precoce e regular de cannabis. CONCLUSÃO: Os sintomas depressivos/depressão estão relacionados ao uso/abuso e dependência de cannabis na adolescência. A investigação clínica e os programas de prevenção devem abordar estes transtornos na adolescência.Este artículo busca investigar la asociación de los síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia. MÉTODO: Ha sido realizado, a través de revisión sistemática, el análisis de los artículos indexados localizados en los sistemas Medline, PsycInfo, ProQuest, Web of Science y Lilacs, entre 2000 y 2005, utilizando los descriptores: depressive symptoms, depressive, adolescence, teenager y cannabis. RESULTADOS: La mayoría de los estudios confirma existir una asociación entre síntomas depresivos y el uso de cannabis en la adolescencia, cabe destacar que esta asociación es más frecuente en el uso precoz y regular de cañabais. CONCLUSIÓN: Los síntomas depresivos/Depresión están relacionados al uso/abuso y dependencia de cañabais en la adolescencia, siendo entonces importante que estas variables puedan ser investigadas en la pr

  7. CONSENSO CULTURAL SOBRE EL INTENTO DE SUICIDIO EN ADOLESCENTES/ CULTURAL CONSENSUS REGARDING SUICIDE ATTEMPTS IN ADOLESCENTS/ CONSENSO CULTURAL SOBRE TENTATIVA DE SUICÍDIO EM ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Ignacio Cruz Gaitán

    2011-12-01

    Full Text Available Este estudio buscó identificar la estructura semántica del dominio cultural, el promedio de conocimiento y el grado de consenso cultural manifestado por los adolescentes sobre el intento de suicidio. Fue un estudio cualitativo de listas libres, con un muestreo propositivo no aleatorizado de 27 adolescentes entre 13 y 18 años. Los resultados evidenciaron un solo modelo semántico. En lo estructural se identificó el problema familiar como una causa importante del intento suicida; las categorías depresión y tristeza se consideraron como signos y síntomas previos a esta tentativa y no como causas. Como estrategias de prevención, se consideró recibir información mediante pláticas o establecer conversaciones sobre los problemas. Este modelo permite proponer estrategias de prevención que privilegien el núcleo familiar.

  8. Frequência de adesão aos "10 Passos para uma Alimentação Saudável" em escolares adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shanda de Freitas Couto

    2014-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a frequência de adesão aos "10 Passos para uma Alimentação Saudável" do Ministério da Saúde, em adolescentes de escolas de Ensino médio de Pelotas (RS. Foi realizado um estudo transversal de base escolar incluindo 1233 adolescentes de 13 a 19 anos. A frequência de cada passo foi coletada através de um questionário de frequência de consumo de alguns alimentos e outros aspectos contidos nos "10 Passos". A média de passos alcançados foi de 1,8. Ressalta-se que nenhum adolescente aderiu a todos os passos recomendados A maior frequência de adesão foi encontrada no passo 4, referente ao consumo de arroz e feijão; e menores frequência de adesão nos passos 7, referentes ao consumo de refrigerantes, sucos industrializados, doces e guloseimas, e passo 3, relativo ao consumo de Frutas/legumes/hortaliças. A adesão aos "10 passos para uma alimentação saudável" pelos adolescentes foi muito baixa. Considerando a importância de uma alimentação saudável na adolescência, recomenda-se maior investimento em políticas públicas na área de alimentação e nutrição.

  9. Instituições de atendimento socioeducativo à adolescentes em situação de risco do Distrito Federal: panorama e perspectivas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alves, Paola Biasoli

    2007-01-01

    Full Text Available Apresenta-se o perfil das instituições de atendimento a crianças e adolescentes em situação de risco psicossocial em Ceilândia e Taguatinga. Foram pesquisadas vinte e uma instituições por meio da aplicação de um roteiro de entrevista estruturado com diretores/coordenadores. Evidenciou-se que: a as instituições atendem as crianças e adolescentes, sem trabalhos específicos para suas famílias ou comunidades; b 71% delas funciona na perspectiva filatrópica religiosa; c busca-se o alcance da promoção da cidadania, o cuidado profissionalizante e o apoio sócio-educativo, contudo, não há projetos pedagógicos específicos; d a atuação baseia-se em valores tradicionais, dificultando a compreensão contextual da realidade vivida pelos usuários e suas famílias. Conclui-se a necessidade do comprometimento social e político, bem como com a formação continuada dos técnicos e educadores envolvidos nas atividades institucionais, a sensibilização da comunidade em que as instituições atuam, assim como a busca incessante por parcerias que ofereçam sustentabilidade econômica e humana aos projetos desejados

  10. Violência doméstica e risco para problemas de saúde mental em crianças e adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natália Amaral Hildebrand

    2015-06-01

    Full Text Available A literatura demonstra que sofrer violência doméstica na infância e juventude é um risco para o desenvolvimento das psicopatologias. Este estudo utilizou o Strenghts and Difficulties Questionnarie (SDQ e encontrou prevalência de 65,5% de possibilidades de problemas de saúde mental em crianças e adolescentes (4-16 anos, vítimas de violência doméstica, acompanhados em Serviços de Referência, todos residentes em um município brasileiro. O resultado encontrado foi considerado elevado, se comparado à população geral. A violência doméstica foi observada como fator de risco para problemas de saúde mental nas crianças e adolescentes estudados, agravada pelo uso preocupante de bebida alcoólica pelo responsável, ou este estar fora do processo produtivo. Não foram encontrados fatores de proteção efetivos, principalmente em relação à rede de proteção. Esses resultados sinalizam a necessidade de implementação de mecanismos que avaliem a efetividade de programas específicos nas áreas de saúde mental e violência doméstica.

  11. Consumo de substâncias psicoativas em uma amostra de adolescentes e sua relação com o comportamento sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Miozzo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo de substâncias psicoativas e o padrão de comportamento sexual em alunos do ensino médio, na cidade de Serafina Corrêa - RS, com uma população aproximada de 15 mil habitantes. MÉTODO: Em estudo transversal, a amostra foi composta por todos os alunos, de ambos os sexos, que estavam cursando o ensino médio nessa cidade. Foram aplicados: um questionário para verificação das variáveis sociodemográficas, um sobre comportamento sexual e outro sobre o consumo de drogas. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 453 alunos, sendo 261 (57,62% do sexo feminino. A droga mais usada durante a vida foi o álcool (82,34%, seguida por tabaco (12,58%, maconha (6,62% e cocaína (5,30%. Em relação ao comportamento sexual dos adolescentes, observou-se que 247 (54,5% referiram já ter tido relação sexual. Foi encontrada uma associação entre o adolescente já ter utilizado drogas em geral (p < 0,001, álcool (p < 0,001 ou tabaco (p = 0,023 e já ter tido relação sexual. CONCLUSÃO: O estudo permitiu conhecer o uso de drogas e características do comportamento sexual dos adolescentes dessa cidade e poderá ser útil para a elaboração de um programa de intervenção para diminuir os fatores de risco para drogadição, incluindo a educação para a promoção da saúde.

  12. Validación de un cuestionario para el estudio del comportamiento sexual, social y corporal, de adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hidalgo-San Martín Alfredo

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Validar un cuestionario autoadministrado de comportamientos sexuales, sociales y corporales para adolescentes por nivel escolar y género. MATERIAL Y MÉTODOS: Instrumento de 26 preguntas construido según DeVellis, aplicado en un estudio longitudinal prospectivo, hecho en 1994 a 1 243 alumnos y alumnas de secundaria y preparatoria en Guadalajara, Jalisco, México. Validez de constructo establecida por análisis factorial exploratorio y la confiabilidad por la prueba Alfa de Cronbach. RESULTADOS: Aparecen cinco factores en hombres usando valores propios (eigenvalue >1 y cinco en mujeres, forzando la mejor solución. Veinte factores explican entre 59.3 y 70.6% de varianza, con promedio de pesos factoriales de 0.63- 0.75, y con 13 factores diferentes. El promedio de Alfa de Cronbach fue de 0.87-0.93 y en 16 factores hubo valores de Alpha de 0.71 o más. CONCLUSIONES: Cuestionario para poblaciones equivalentes con validez de constructo y confiabilidad interna aceptables.

  13. Adolescentes com experiência de vida nas ruas: compreendendo os significados da Maternidade e Paternidade em um contexto de vulnerabilidade/desfiliação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Tavares Gontijo

    2007-12-01

    Full Text Available Crianças e adolescentes fazendo das ruas seu espaço de sobrevivência traz à tona o processo de vulnerabilidade social vivenciado por muitas famílias brasileiras marcadas pela situação de miséria, abandono e violência. Nestes grupos Castel (2005 identifica um processo crescente de fragilização e ruptura dos laços que as inserem no trabalho e nas relações sociais que lhes servem de suporte no cotidiano, podendo culminar na situação de desfiliação, tornando os indivíduos supranumerários, uma vez que flutuam na estrutura social sem encontrar um lugar designado. Neste contexto, muitos adolescentes vivenciam a sexualidade e a possibilidade ou a experiência de ser tornarem pais ou mães, baseados nos valores individuais mas também relacionados às limitações e possibilidades subjacentes a estes processos. O objetivo deste estudo foi analisar os significados de maternidade e paternidade para adolescentes com experiência de vida nas ruas, relacionando-os ao processo de vulnerabilidade/desfiliação discutido por Castel. Pesquisa social estratégica realizada em duas instituições não-governamentais que assistem adolescentes em situação de rua no município de Goiânia. Participaram deste estudo 13 adolescentes com idade entre 12 e 17 anos que viviam em situação de rua há pelo menos 6 meses. Os dados, coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas e observação participante, e analisados no Método de Interpretação de Sentidos segundo os temas A Danada da Rua e Pai apóia, mãe é 24hs. De uma forma geral, foi possível identificar como o processo de vulnerabilidade e desfiliação caracteriza e marca a trajetória de vida destes adolescentes. Além disso, que os processos de significação da maternidade e paternidade são impregnados tanto pelo contexto vivenciado, como também por valores relacionados às relações de gênero consideradas tradicionais na sociedade contemporânea. Assim, foi possível identificar

  14. Fatores de risco associados à pressão arterial elevada em adolescentes Risk factors associated with high blood pressure in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelly Samara da Silva

    2007-08-01

    Full Text Available Níveis elevados de pressão arterial (PA na infância e adolescência têm sido freqüentemente associados a outros fatores de risco cardiovasculares, além de hipertensão arterial na fase adulta da vida. O presente estudo objetivou identificar fatores de risco associados à PA elevada em adolescentes. Participaram do estudo 674 adolescentes de escolas públicas e privadas, de ambos os sexos (303 rapazes e 371 moças, com idade de 14 a 17 anos (16,5 DP 0,9, da cidade de João Pessoa, Paraíba. Mediante aplicação de um questionário, foram levantadas informações sobre: a indicadores sociodemográficos; b nível de prática da atividade física; c hábitos alimentares; c índice de massa corporal; e fumo e bebidas alcoólicas; e foram realizadas medidas de PA. A prevalência de PA elevada foi de 7,4%, sendo maior nos rapazes (10,2% quando comparada com a das moças (5,1%, p High levels of arterial blood pressure in childhood and adolescence have been often associated with other cardiovascular risk factors apart from arterial hypertension in the adult stage of life. The present study aimed at identifying risk factors associated with high blood pressure in adolescents. The subjects were 674 adolescents from public and private schools in the city of João Pessoa, Paraíba. These subjects were of both sexes (i.e., 303 boys and 371 girls and their ages spanned from 14 to 17 years old. By means of a questionnaire, information about the following aspects was gathered: a socio-demographic status; b physical activity levels; c eating habits; d body mass index; e consumption of alcohol and smoking. Moreover, measurements of arterial pressure (AP showed that the prevalence of high AP was 7.4 %, being higher in boys (10.2% when compared with girls (5.1%, p < 0.01. The results of the multivaried analysis indicated that overweight adolescents displayed from five to six times more chance of having high AP than adolescents with light/normal weight (boys: OR

  15. Relatos de experiência homossexual em adolescentes masculinos Reports on homosexual experience in male adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stella R. Taquette

    2005-04-01

    Full Text Available Na adolescência costuma ocorrer o primeiro contato sexual genital. Ao pesquisarmos a sexualidade dos adolescentes masculinos atendidos no NESA-UERJ, constatamos que 20,3% dos sexualmente ativos já tinham tido experiências homossexuais. Este artigo visa investigar as características desses rapazes que se relacionaram sexualmente com outros homens. Realizamos um estudo transversal, através de entrevistas com adolescentes atendidos no NESA, escolhidos aleatoriamente. Entrevistamos 105 rapazes, sendo 64 com experiência sexual e dentre eles, 13 (20,3% já tinham se relacionado sexualmente com homens. Entre esses últimos, apenas dois (15,4% se consideravam homossexuais e três (23,1% bissexuais. A maioria teve o primeiro coito com mulheres (69,2% e 46,2% do total dos rapazes (n=13 se prostituíram com homens. Encontramos uma associação significativa (pThe first genital contact occurs during adolescence. While studying the sexuality of male adolescents seen in NESA-UERJ, we found out that within the boys whom had started having sex, 20,3% have had homosexual experience. This article aims to analyze the characteristics of those boys whom have had sex with others men. We performed a cross-sectional study randomly interviewing male adolescents in NESA. We interviewed 105 male adolescents, where 64 of those have had sexual relationships. Within those 64, 13 (20,3% have already had sexual contact with another male. Within those 13 adolescents, only two (15,4% considered themselves as being homosexuals and three (23,1% bisexuals. The great majority (69,2% had their first sexual relationship with females and 46,2% of the all boys (n=13 had sex with males for money. There was a significant association (p<0,05 between homosexuality and prostitution. There was not any significant difference between homosexual relationship and the following variables: number of partners greater than two, condom use and being diagnosed with STD. We concluded that the

  16. Socioeducação e juventude: reflexões sobre a educação de adolescentes e jovens para a vida em liberdade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silmara Carneiro e Silva

    2012-06-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo refletir sobre a juventude na sua relação com o fenômeno da violência e o cometimento de atos infracionais, apontando a política pública de socioeducação como uma alternativa de educação de adolescentes e jovens para a vida em liberdade. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, com base em autores da área de  ciências sociais aplicadas. A socioeducação é vista como uma política pública  que tem por objetivo construir, junto dos adolescentes e jovens, novos e apropriados conceitos de vida, buscando o fortalecimento dos princípios éticos da vida social. Para tanto, no presente artigo parte-se do pressuposto que a socioeducação é uma política que tem como proposta a educação para a vida em liberdade, verificando-se com a discussão teórica realizada que, para a referida política se efetivar como tal, faz-se necessária a construção de meios para a efetivação de ações que se configurem para além do sentido da responsabilização do adolescente pelo ato infracional, pois sua natureza pedagógica e social deve ser o pressuposto básico de todas as práticas socioeducativas. Enquanto política pública deve se efetivar em conjunto com a família, com a comunidade e com a sociedade em geral, mas sem desresponsabilizar o Estado brasileiro pela condução e direção da referida política no âmbito da sociedade contemporânea, uma vez que as condições materiais e concretas para a construção das possibilidades de liberdade devem ser providas ao adolescente, como condição para seu desenvolvimento pessoal e social enquanto sujeito de direitos.  

  17. Aspectos clínicos da depressão em crianças e adolescentes: clinical features Depression in childhood and adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Saint-Clair Bahls

    2002-10-01

    Full Text Available Objetivo: apresentar uma revisão sobre o quadro clínico, a evolução, a comorbidade e o comportamento suicida na depressão em crianças e adolescentes, com o objetivo de contribuir com o esclarecimento desta patologia grave, comum e ainda pouco reconhecida. Fontes dos dados: foram realizados levantamento no sistema Medline no período de 1991 a 2000, e levantamento manual da literatura. Síntese dos dados: o interesse científico pela depressão em crianças e adolescentes é bastante recente, pois até a década de 70 acreditava-se que fosse rara ou inexistente. Os sistemas diagnósticos atuais definem que os sintomas básicos de um episódio depressivo maior são os mesmos em crianças, adolescentes e adultos; entretanto, os pesquisadores destacam a importância do processo de maturação na apresentação sintomatológica da depressão, com características predominantes em cada fase do desenvolvimento. Conclusões: atualmente a depressão maior em crianças e adolescentes é considerada comum, debilitante e recorrente, envolvendo um alto grau de morbidade e mortalidade, representando um sério problema de saúde pública.Objective: this study reviews clinical features, evolution, comorbidity and suicidal behavior in childhood and adolescence depression. Its objective is to provide clear information on this common, severe and not very easily recognized pathology. Sources: literature searches were performed through Medline (1991-2000, with secondary-source follow-up. Summary of the findings: scientific concern about depression in childhood and adolescence is recent and up to the 70's depression was considered rare or inexistent in this period. Current diagnostic systems define as basic features of depression in children and adolescents are the same ones found in adults for major depression episodes; however, researches emphasize the significance of the developmental process in the clinical manifestations, with predominant features in each

  18. Insatisfação com a imagem corporal em modalidades esportivas do sexo masculino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar a insatisfação com a imagem corporal entre jovens atletas do sexo masculino com e sem riscos para transtornos alimentares (TA e entre modalidades esportivas de magreza/classe de peso e coletivo/potência. MÉTODOS: Participaram da pesquisa 464 jovens atletas do sexo masculino com idade entre 10 e 19 anos, praticantes de 12 modalidades esportivas. Utilizaram-se o Body Shape Questionnaire e o Eating Attitudes Test para avaliar insatisfação com a imagem corporal e comportamento alimentar, respectivamente. Aferiram-se dobras cutâneas, massa corporal e estatura para estimar percentual de gordura e calcular o índice de massa corporal, respectivamente. Conduziu-se análise univariada de covariância para comparar insatisfação com a imagem corporal entre grupos de modalidades esportivas e com/sem riscos para TA. RESULTADOS: Os resultados não evidenciaram diferenças de insatisfação com a imagem corporal entre os grupos de modalidades esportivas. Por outro lado, os achados indicaram diferenças nos escores do BSQ em função dos grupos com e sem riscos para TA (p < 0,05. CONCLUSÃO: Concluiu-se que o tipo de esporte praticado não acentuou a insatisfação com a imagem corporal, no entanto os atletas com comportamentos alimentares inadequados demonstraram maior depreciação com o peso e a aparência física.

  19. Resiliência e enfrentamento do estresse em adolescentes: efeitos mediadores dos valores culturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Omar

    2010-12-01

    Full Text Available Este estudo teve dois objetivos: a analisar as relações entre resiliência e estratégias de enfrentamento do estresse e b explorar o rol dos valores pessoais sobre tais relações. A investigação se deu por meio de uma amostra composta por 1 512 estudantes (484 argentinos, 363 brasileiros e 665 mexicanos, que preencheram uma seleção de instrumentos desenvolvidos para explorar resiliência, enfrentamento do estresse e valores pessoais. As análises de correlação mostraram relações significativas entre resiliência e estratégias positivas de enfrentamento do estresse. As análises de regressão mediada indicaram que tanto o individualismo horizontal como o coletivismo horizontal moderam as relações entre resiliência e enfretamento positivo. Tais resultados permitem concluir que o sentimento de igualdade (horizontalidade entre os membros do grupo é o principal mediador entre o adolescente, as demandas do meio ambiente, seus recursos para enfrentá-las e o desenvolvimento da resiliência

  20. Adolescentes em conflito com a lei: percepções sobre a família

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Lüdke Nardi

    Full Text Available Este artigo apresenta três estudos de caso de adolescentes autores de ato infracional, enfocando suas percepções sobre a família. Os instrumentos utilizados foram uma entrevista semiestruturada, o genograma e o Family System Test (FAST. Os resultados do FAST revelaram estruturas familiares instáveis e desequilibradas, com coesão variando entre baixa e média e hierarquia de baixa a alta. A partir dos instrumentos utilizados foi observado que a mãe e as irmãs foram percebidas como figuras de apoio presentes ao longo do desenvolvimento, representando um importante fator de proteção. Destaca-se a importância da compreensão da forma de funcionamento dessas famílias, no concernente à hierarquia, coesão e práticas educativas, de forma a proposição de programas de prevenção e intervenção adequados.

  1. Associações entre impulsividade, compulsão alimentar e obesidade em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Pereira

    2011-01-01

    Full Text Available La impulsividad puede ser un componente importante en el contexto de atracones y la obesidad. Objetivo, Presentación de un protocolo con el uso de prueba Palográfico para medir la impulsividad. Métodos, 60 adolescentes (10 - 20 años, Md, 13,97 años, SD 2.17 de ambos sexos se evaluaron el IMC, los atracones y la impulsividad. Resultados: Los atracones eran frecuentes en las niñas y la impulsividad en los niños. 38% de la muestra estaban por encima del peso saludable y de estos, el 13% de forma simultánea con la obesidad la obesidad / mórbida, los atracones y las puntuaciones más altas de la impulsividad. La asociación entre el IMC y la impulsividad anotó valores próximos al nivel de significación en el estudio (chi cuadrado = 14,85, gl = 8, p =. 062. Conclusión, La prueba Palográfico mostró buena sensibilidad y especificidad justifica la aplicación de este protocolo en los diseños de estudio con muestras más grandes y centrados in las diferencias sexuales.

  2. Signs and symptoms of temporomandibular disorders in adolescents Sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Rigoldi Bonjardim

    2005-06-01

    Full Text Available The aim of this study was to verify the prevalence of signs and symptoms of temporomandibular disorders (TMD in adolescents and its relationship to gender. The sample comprised 217 subjects, aged 12 to 18. The subjective symptoms and clinical signs of TMD were evaluated, using, respectively, a self-report questionnaire and the Craniomandibular Index, which has 2 subscales; the Dysfunction Index and the Palpation Index. The results of muscle tenderness showed great variability (0.9-32.25%. In relation to the temporomandibular joint, tenderness of the superior, dorsal and lateral condyle regions occurred in 10.6%, 10.6% and 7.83%, respectively, of the sample. Joint sound during opening was present in 19.8% of the sample and during closing in 14.7%. The most prevalent symptoms were joint sounds (26.72% and headache (21.65%. There was no statistical difference between genders (p > 0.05, except for the tenderness of the lateral pterygoid muscles, which presented more prevalence in girls. In conclusion, clinical signs and symptoms of TMD can occur in adolescents; however, gender influence was not perceived.O objetivo deste estudo foi verificar a prevalência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular (DTM em adolescentes e sua relação com o gênero. A amostra foi constituída de 217 voluntários, com idade entre 12 e 18 anos. Os sintomas subjetivos e os sinais clínicos de DTM foram avaliados usando-se, respectivamente, um questionário e o "Craniomandibular Index", o qual possui 2 subescalas: "Dysfunction Index" e "Palpation Index". Os resultados para sensibilidade muscular mostraram grande variabilidade (0,9-32,25%. Com relação à articulação temporomandibular, a sensibilidade à palpação nas regiões superior, dorsal e lateral do côndilo ocorreu, respectivamente, em 10,6%, 10,6% e 7,83% da amostra. A prevalência do ruído articular no movimento de abertura foi de 19,8% e no fechamento, 14,7%. Os sintomas relatados mais

  3. ESTILO DE VIDA DE ADOLESCENTES DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ENSINO FUNDAMENTAL, EM FORTALEZA/CE, EM RELAÇÃO AO RISCO DE HIPERTENSÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Brasileiro de Vasconcelos

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivo: analisar o estilo de vida dos adolescentes das escolas públicas de ensino fundamental na cidade de Fortaleza/CE, em relação ao risco de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS. Métodos: estudo descritivo, exploratório, transversal e quantitativo, realizado com 120 alunos de seis escolas públicas do ensino fundamental na cidade de Fortaleza/CE. A coleta de dados foi realizada de fevereiro a abril de 2007. Para tanto, foi utilizado um questionário estruturado composto de perguntas e respostas objetivas a respeito da prática de atividade física, das horas de sono, do uso de cigarro, dos hábitos alimentares, dos antecedentes familiares com HAS, de quais fatores que causam a HAS, se fazem uso de bebidas alcoólicas e por fim como se deve prevenir a HAS. Resultados: a amostra do estudo foi composta de 120 alunos de ambos os sexos com média de idade de 13,88 anos ± 1,27 ano. Em relação aos fatores de risco, 37,5% (n=45 dos estudantes realizam atividade física mais de duas vezes por semana; em relação ao hábito de fumar 96,67% (n=116 não fumam; sobre a ingestão de alimentos, 50,8% (n=61 ingerem biscoitos com suco; 94,2% (n=113 não fazem uso de bebidas alcoólicas e foi detectado que 65% (n=78 estão abaixo do peso ideal. Outro fator identificado foi que 32,50% (n=39 da amostra apresentam antecedentes familiares de primeiro e/ou segundo graus com afecções cardiovasculares, prevalecendo a HAS em 30%. Conclusão: verificou-se que os alunos realizam pouca atividade física, alimentam-se de forma inadequada com alimentos ricos em gorduras e carboidratos e apresentam antecedentes familiares com afecções cardiovasculares.

  4. Valvoplastia aórtica percutânea em adolescente gestante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tumelero Rogério T.

    2004-01-01

    Full Text Available Relatamos um caso em que a valvoplastia aórtica percutânea foi utilizada como primeira escolha, em procedimento de urgência, para o tratamento de estenose aórtica grave em paciente gestante de 16 anos, com congestão pulmonar sem controle clínico. Descrevem-se o quadro clínico, a fisiopatologia, os aspectos diagnósticos e indicações do tratamento percutâneo. A estenose valvar aórtica congênita, quando grave, é rara em crianças e jovens. A valva aórtica bicúspide ocorre em 3% a 6% com doença cardíaca congênita e, quando relacionada com fusão comissural, pode haver estenose importante já na infância. A associação de estenose aórtica congênita grave com gestação é de difícil controle clínico e alto risco de mortalidade materna e fetal, principalmente quando se manifesta com sintomas de congestão pulmonar1,².

  5. Identificação de fatores de predisposição aos transtornos alimentares: anorexia e bulimia em adolescentes de Belo Horizonte, Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Laguárdia de Lima

    2012-08-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo apresentar o resultado de uma pesquisa interdisciplinar que buscou identificar os fatores de predisposição aos transtornos alimentares, especificamente anorexia e bulimia, em adolescentes do sexo feminino de Belo Horizonte/MG. Foi utilizado como método de pesquisa um estudo transversal, com amostras aleatórias simples. Foram entrevistadas 227 adolescentes do sexo feminino entre 18 e 19 anos, cursando o primeiro semestre de vários cursos de graduação, de diferentes faculdades, privadas e públicas, utilizando-se de formulários padrões, BITE (Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo e o EAT 26 (Teste de Atitudes Alimentares Resumido. O resultado da pesquisa apontou uma predisposição elevada na população estudada à anorexia e bulimia, que pode ser analisada a partir dos efeitos da incidência da cultura da imagem sobre as adolescentes na contemporaneidade.

  6. Variáveis familiares preditoras do comportamento anti-social em adolescentes autores de atos infracionais

    OpenAIRE

    Janaína Thaís Barbosa Pacheco; Claudio Simon Hutz

    2009-01-01

    O objetivo deste estudo foi investigar variáveis individuais e familiares preditoras do comportamento anti-social. Os participantes foram 148 adolescentes, autores de atos infracionais, e 163 adolescentes não-infratores. Os adolescentes responderam individualmente a uma entrevista estruturada, que investigou estratégias educativas parentais, variáveis familiares e aspectos relacionados ao desenvolvimento do comportamento infrator. Uma análise de conteúdo das respostas permitiu a delimitação d...

  7. Crianças e adolescentes com insuficiência renal em hemodiálise: percepção dos profissionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabella Schroeder Abreu

    2015-12-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar aspectos impactantes na qualidade de vida de crianças e adolescentes com insuficiência renal crônica em hemodiálise, sob a ótica de profissionais de saúde, como etapa essencial para a construção do módulo específico do instrumento DISABKIDS®. Método: estudo metodológico. Coleta de dados entre maio e junho de 2012, por meio de entrevistas individuais com 12 participantes, em dois centros de diálise. Analisou-se o material empírico segundo análise de conteúdo temática, com a utilização do programa MAXQDA - Qualitative Data Analysis Software. Resultados: foram identificados sete temas: autocuidado, apoio familiar, impacto do diagnóstico, expectativa do transplante renal, evasão escolar, socialização e estigma, agrupados em três domínios. Conclusão: os resultados evidenciaram aspectos que impactam a qualidade de vida dessa clientela e, portanto, serão considerados no desenvolvimento do módulo específico DISABKIDS®. Além disso, esses aspectos são relevantes para elaboração e planejamento de ações direcionadas a crianças e adolescentes renais crônicos.

  8. Quando jogar se torna um risco: a relação entre características parentais, atitudes dos pais e dos filhos em relação ao jogo, e comportamentos de jogo em adolescentes

    OpenAIRE

    Semanas, Daniela Filipa Pereira

    2014-01-01

    Mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores. / PsycINFO Classification Categories and Codes: 2800 Developmental psychology; 3233 Substance Abuse & Addiction O jogo tem-se tornado uma atividade cada vez mais usual entre os adolescentes. Apesar das suas vantagens em termos de desenvolvimento cognitivo e psicossocial, a literatura tem apontado um conjunto de variáveis que conduzem a um entendimento do jogo como um comportamento de risco. O presente estudo pretendeu analisar, a re...

  9. A clínica psicanalítica em um ambulatório para adolescentes em conflito com a lei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Beatriz Barra

    2014-05-01

    Full Text Available Este trabalho surgiu a partir da investigação, na via da Psicanálise postulada por Freud e Lacan, de o que leva um sujeito à passagem ao ato delituoso, particularmente os crimes ditos edipianos, por Lacan, a partir do próprio discurso produzido pelo sujeito na singularidade do seu ato. A escolha desse tipo de crime deve-se ao fato de termos escutado, em grande número de sujeitos, a presença de um opressivo sentimento de culpa, tomado no eixo clínico, como determinando o ato, visando à punição como forma de alívio. O sujeito pode pagar com sua “pena” o que deve à justiça e à sociedade, entretanto há algo que permanece impagável. O dispositivo psicanalítico oferece condições para que o sujeito possa responder por aquilo que lhe escapa.Como esse estudo foi pensado e articulado a partir da escuta da analista a adolescentes num ambulatório público, a questão do lugar do analista é evidentemente abordada.

  10. Use of contraceptive methods by sexually active teenagers in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil Uso de métodos anticoncepcionais em adolescentes sexualmente ativos de 15 a 18 anos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarissa Lisbôa Arla da Rocha

    2007-12-01

    Full Text Available This study aimed to assess the prevalence of contraceptive use by adolescents. A cross-sectional study was performed from March to September 2002 in a representative sample of adolescents 15 to 18 years of age in the urban area of Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. Multiple-stage sampling was used, and in the 448 census tracts located in the urban area, 90 were sampled and households were visited in each tract. Information was collected on sexual initiation and use of contraceptive methods. Chi-square test was used to compare proportions. The sample included 960 adolescents. 88% of subjects reported the use of any contraceptive method. Condoms were the most commonly used method (63.2%. Low adolescent schooling was the only variable associated with increased risk of non-use of contraceptives. Condom use was higher among males, adolescents whose mothers had 9 or more years of schooling, and those reporting several sexual partners in the previous year. Condoms were the most commonly used contraceptive method.O estudo avaliou o uso de métodos contraceptivos em adolescentes. Entre março e setembro de 2002, realizou-se um estudo transversal na zona urbana da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. A amostragem foi em múltiplos estágios, 90 dos 448 setores censitários da zona urbana de Pelotas foram sorteados e em cada setor 86 residências foram visitadas. Considerou-se a informação do adolescente sobre a prática de relações sexuais e do uso de métodos contraceptivos. Nas comparações entre as proporções utilizou-se o teste do qui-quadrado. Foram entrevistados 960 adolescentes, enquanto que para 79 não foi possível realizar a entrevista. Aproximadamente 88% dos adolescentes usavam algum método contraceptivo. O preservativo masculino foi encontrado como o método mais usado naqueles adolescentes que têm relação sexual (63,2%. A escolaridade do adolescente foi a única variável associada com o uso de contraceptivos. O

  11. Vitamina D em crianças e adolescentes com doença falciforme: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacqueline Faria de Oliveira

    2015-09-01

    Full Text Available ResumoObjetivo:Revisar a literatura sobre a frequência da deficiência de vitamina D e suas consequências em crianças e adolescentes com anemia falciforme.Fontes de dados:O levantamento bibliográfico foi feito nas bases bibliográficas Medline, U.S. National Library of Medicine e National Institutes of Health (PubMed, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs e Cochrane. Os descritores foram selecionados com o uso do Medical Heading Terms (MeSH: “Vitamin D” OU “Vitamin D deficiency” E “anemia, sickle cell” E “child” E “adolescent”. A busca limitou-se aos artigos em inglês, espanhol e português, com data de publicação até abril de 2014.Síntese dos dados:Foram selecionados 11 estudos, entre os 18 encontrados. A pesquisa revelou que os níveis séricos de vitamina D em crianças e/ou adolescentes com anemia falciforme encontram-se baixos em seis de 11 artigos analisados. Essa frequência de deficiência de vitamina D em pacientes com anemia falciforme excede a do grupo de comparação saudável. A baixa ingesta de vitamina D, a sazonalidade, a exposição solar, o metabolismo aumentado próprio da hemoglobinopatia e o aumento da idade são fatores associados à deficiência. Houve associação entre deficiência significativa de vitamina D e fraqueza óssea e crises dolorosas. Há correlação positiva entre aumento dos níveis de vitamina D por meio da suplementação e a capacidade funcional física.Conclusões:A deficiência de vitamina D em crianças e adolescentes com doença falciforme é prevalente e necessita de mais estudos para evidenciar a sua relação com comorbidades e possíveis benefícios da suplementação da vitamina D.

  12. Dieta cetogênica para epilepsia intratável em crianças e adolescentes: relato de seis casos

    OpenAIRE

    Vasconcelos,Marcio M.; Patricia M. Couto Azevedo; Lívia Esteves; Brito,Adriana R.; Maria Cecílea D. de Olivaes; Gesmar V. Haddad Herdy

    2004-01-01

    OBJETIVO: Descrever a introdução e o manejo da dieta cetogênica em um grupo de seis crianças e adolescentes com epilepsia refratária. MÉTODOS: Os autores reviram o prontuário médico de cada paciente menor de 15 anos submetido à dieta cetogênica entre abril de 1999 e julho de 2003 e compararam os resultados terapêuticos e efeitos adversos e benéficos com a literatura pertinente. RESULTADOS: A dieta cetogênica foi introduzida para seis pacientes, com idade mediana de sete anos (faixa: 1,8-12,2)...

  13. Oficinas de artes visuais: empoderamento e desenvolvimento de habilidades sociais para adolescentes em situação de risco social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Berliete Bolzani

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: desenvolver oficinas de artes visuais com adolescentes em situação de risco social, com ênfase na intervenção grupal, visando a criação de um espaço de troca de experiências, aproximação social e desenvolvimento de habilidades sociais, além de conhecer suas percepções sobre os trabalhos realizados nas oficinas. Método: estudo de natureza qualitativa, observacional e participante. Foram realizadas 30 oficinas uma vez por semana com um grupo de 18 adolescentes, de 11 a 15 anos, de ambos os sexos, assistidos por uma ONG. As atividades foram registradas em diário de campo, bem como os relatos, comentários, percepções e comportamento dos adolescentes, sobre as atividades realizadas e a impressão que estas lhes causavam. A transcrição destes relatos foi feita posteriormente, mantendo-se a fala original. Resultados: após a realização das oficinas, os adolescentes foram capazes de perceberem a si mesmos com mais assertividade, melhoraram sua autopercepção, foram capazes de identificar suas necessidades, seus limites e terem discernimento sobre o que podiam ou não fazer. Demonstraram maior interesse nos cuidados consigo e com sua aparência pessoal, além de terem modificado sua percepção em relação ao outro. Considerações finais: as oficinas proporcionaram melhora das habilidades sociais, no empoderamento, na autoestima, auxiliando-os a lidarem melhor com as situações do cotidiano. Trata-se de uma estratégia que está em consonância com os princípios da Promoção da Saúde, conforme preconiza a Organização Mundial da Saúde.

  14. Avaliação da qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes do município de São Paulo

    OpenAIRE

    Miria Benincasa

    2010-01-01

    Os conceitos de qualidade de vida, assim como investigações a respeito do uso de substâncias psicoativas, estão diretamente influenciados pelo contexto histórico, social e cultural. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade de vida e uso de drogas em adolescentes matriculados no Ensino Médio do Município de São Paulo buscando fornecer subsídios para políticas públicas e privadas visando à melhoria da qualidade de vida desta população. Foram, para esse fim, sorteadas 17 escolas Estadua...

  15. Dieta cetogênica para epilepsia intratável em crianças e adolescentes: relato de seis casos

    OpenAIRE

    VASCONCELOS,MARCIO M.; Azevedo,Patricia M. Couto; Esteves,Lívia; Adriana R. Brito; Olivaes,Maria Cecílea D. de; Herdy,Gesmar V. Haddad

    2004-01-01

    OBJETIVO: Descrever a introdução e o manejo da dieta cetogênica em um grupo de seis crianças e adolescentes com epilepsia refratária. MÉTODOS: Os autores reviram o prontuário médico de cada paciente menor de 15 anos submetido à dieta cetogênica entre abril de 1999 e julho de 2003 e compararam os resultados terapêuticos e efeitos adversos e benéficos com a literatura pertinente. RESULTADOS: A dieta cetogênica foi introduzida para seis pacientes, com idade mediana de sete anos (faixa: 1,8-12,2)...

  16. Relación del autoconcepto con la condición física y la composición corporal en una muestra de adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael E. Reigal-Garrido

    2014-10-01

    Full Text Available El propósito de este trabajo es examinar las relaciones entre el autoconcepto y diferentes variables de la condición física, así como el porcentaje de masa grasa. Han participado en el estudio 283 adolescentes de la ciudad de Málaga (España, en edades comprendidas entre los 14 y 16 años (M = 15.14; DT = .76. Se ha utilizado el Cuestionario Autoconcepto Forma 5 (AF5 para evaluar el autoconcepto multidimensional (académico, social, emocional, familiar y físico. Se ha medido el porcentaje de masa grasa corporal usando un instrumento de bioimpedancia eléctrica y el consumo máximo de oxígeno a través del test de Course Navette. Además, se ha estimado el tiempo en recorrer 50 metros lisos, la distancia alcanzada mediante salto horizontal y la amplitud de movimiento con la prueba flexión profunda de tronco. Los análisis de correlación y regresión lineal efectuados ponen de manifiesto la conexión entre las variables objeto de estudio, siendo el porcentaje de masa grasa y el consumo de oxígeno máximo aquellas que mejor se han relacionado con el autoconcepto. Además, las dimensiones física y emocional son las que han sido predichas con un mayor porcentaje de la varianza explicada.

  17. Freqüência de consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra entre adolescentes Frequency of high-fat and low-fiber diets among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Borges Neutzling

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência e os fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra em adolescentes. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com adolescentes de 10 a 12 anos, realizado em 2004/2005, em Pelotas, RS. A freqüência alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por 24 itens alimentares, pontuados de acordo com a freqüência de consumo de alimentos ricos em fibras e gorduras. Na análise bruta, as prevalências de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foram comparadas conforme sub-grupos das variáveis independentes (sexo, cor da pele, nível socioeconômico, escolaridade materna e estado nutricional do adolescente. Para controle de fatores de confusão, uma análise multivariável por regressão de Poisson foi realizada para cada desfecho. RESULTADOS: Foram encontrados 4.452 adolescentes, representando 87,5% da coorte original. A maioria dos jovens (83,9% consumia dieta pobre em fibra, e mais de um terço deles (36,6% consumia dieta rica em gordura. O nível socioeconômico e a escolaridade materna mostraram-se diretamente associados com a prevalência de consumo de dietas ricas em gordura. Jovens dos níveis socioeconômicos A+B e C apresentaram menor freqüência de consumo de dietas pobres em fibra. CONCLUSÕES: A prevalência de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foi elevada nessa população de adolescentes. Políticas públicas dirigidas aos determinantes dos hábitos alimentares são necessárias e urgentes.OBJECTIVE: To describe the frequency and associated factors of high-fat and low-fiber diets among adolescents. METHODS: A cross-sectional study was carried out in adolescents aged 10-12 years in Pelotas, southern Brazil, in 2004 and 2005. Dietary patterns in the previous 12 months were evaluated using the Block questionnaire comprising 24 food items scored according to the frequency of consumption of high-fat and low-fiber food. In

  18. DERECHOS SEXUALES Y REPRODUCTIVOS: CONFIDENCIALIDAD Y VIH/SIDA EN ADOLESCENTES CHILENOS DIREITOS SEXUAIS E REPRODUTIVOS: CONFIDENCIALIDADE E HIV/AIDS EM ADOLESCENTES CHILENOS REPRODUCTIVE AND SEXUAL RIGHTS: CONFIDENTIALITY AND HIV/AIDS IN CHILEAN ADOLESCENTS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ester Valenzuela Rivera

    2007-11-01

    Full Text Available Los adolescentes enfrentan obstáculos culturales e institucionales al momento de concurrir a los servicios de salud en busca de atención en salud sexual y reproductiva. Los jóvenes que se autoperciben de riesgo en VIH/SIDA experimentan discriminación por consideraciones socioeconómicas, y se vulnera su derecho a acceder a servicios de salud bajo un marco de confidencialidad, desconociendo el principio de autonomía progresiva y la evolución de sus facultades. La Convención Internacional de los Derechos del Niño (CIDN, ratificada por Chile, provee un marco jurídico que propicia un diálogo y una nueva relación de los adolescentes con la familia, el Estado y la sociedad, e instala un nuevo paradigma a partir del cual la infancia y la adolescencia son consideradas sujetos de derechosOs adolescentes enfrentam barreiras culturais e institucionais no momento se utilizarem os serviços de saúde em busca de cuidados de saúde sexual e reprodutiva. Os jovens que se auto percebem como de risco HIV/AIDS, são discriminados por questões sócio-econômicas e se enfraquece seu direito de acesso aos serviços de saúde sob um marco de confidencialidade, desconhecendo o princípio de autonomia progressiva e a evolução de suas faculdades. A Convenção Internacional de Direitos da Criança, ratificada pelo Chile, prevê um marco jurídico que possibilita um diálogo e uma nova relação dos adolescentes com a família, o Estado e a Sociedade, e instala um novo paradigma a partir do qual a infância e a adolescência são considerados como sujeitos de direitosAdolescents face cultural and institutional obstacles when visiting health care services searching for sexual and reproductive health care. Youngsters who consider themselves at risk for HIV/AIDS undergo discrimination due to socioeconomic reasons, and their right to health care access is infringed under a confidential framework. The principle of progressive autonomy and the evolution of their

  19. EFECTO DE UN PROTOCOLO DE ENTRENAMIENTO INTERVÁLICO DE ALTA INTENSIDAD SOBRE MASA GRASA CORPORAL EN ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alba Camacho-Cardenosa

    2016-01-01

    Full Text Available Fundamentos: La infancia y la adolescencia son etapas claves para el desarrollo de enfermedades crónicas, siendo la distribución de grasa un importante factor en este sentido. El objetivo del estudio fue evaluar los efectos sobre parámetros de grasa de un programa de alta intensidad desarrollado en adolescentes durante las clases de educación física. Métodos: Durante el año 2013, 35 escolares cacereños participaron en el estudio divididos en dos grupos. El grupo de alta intensidad realizó durante 8 semanas de 4 a 6 series de sprints de 20 segundos a máxima intensidad con una relación esfuerzo/recuperación de 1:3 a 1:1. El otro grupo desarrolló ejercicio aeróbico continuo durante el mismo tiempo. Se llevó a cabo una evaluación de la masa grasa antes y tras el programa de entrenamiento. El test ANOVA de medidas repetidas se usó para analizar si existían diferencias estadísticamente significativas entre ambos grupos. Resultados: El grupo de entrenamiento aeróbico continuo mostró diferencias estadísticamente significativas en el análisis intra-grupo en el porcentaje de masa grasa del tronco (Pre:15,66±4,16 vs Post:16,95±4,03; +1,29%; p=0,04 y el porcentaje de grasa total (Pre:21,58±3,93/ Post:22,34±3,70; p=0,05. Conclusiones: El programa de entrenamiento de actividad física de alta intensidad en la escuela llevado a cabo durante las clases de Educación Física no mejoró los parámetros de masa grasa evaluados. Sin embargo, el mantenimiento de estos parámetros podría ser un buen resultado durante el desarrollo de esta etapa, donde se produce un incremento.

  20. O flúor tópico na redução da cárie dental em adolescentes de Salvador - BA, 1996

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CANGUSSU Maria Cristina Teixeira

    2001-01-01

    Full Text Available Os objetivos deste trabalho foram: descrever a experiência de cárie dental em adolescentes de 12 a 20 anos de Salvador - BA e testar a associação entre a severidade da cárie e o uso do flúor tópico na forma de gel ou bochechos. Realizou-se um estudo transversal e análise de regressão logística não condicional, pelo método "backward", com uma amostra de 493 adolescentes escolares do Distrito Sanitário Barra-Rio Vermelho. As variáveis de desenho foram obtidas a partir de questionário semi-estruturado e exame bucal. O CPOD correspondeu a 4,44 (DP 3,71, sendo de 2,72 (DP 2,75 aos 12-13 anos. Cento e quarenta e quatro adolescentes participaram de ações de promoção de saúde bucal (30% e a maioria declarou-se pouco apta a manter a própria saúde oral. O flúor tópico não se mostrou como um fator de proteção significativo na redução da cárie dental nesta população (RP = 0,9. Houve redução dos índices de cárie dental nos adolescentes do Distrito, embora exista a necessidade de reformulação do modelo cirúrgico-restaurador de atenção à saúde bucal, para maior controle da cárie dental e melhor efetividade dos métodos de promoção e proteção à saúde bucal.

  1. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    National Research Council Canada - National Science Library

    Elizabeth FUJIMORI; Daniela LAURENTI; Luz Marina NÚÑEZ DE CASSANA; Ida Maria Vianna de OLIVEIRA; Sophia Cornbluth SZARFARC

    2000-01-01

    Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal...

  2. SOMATÓTIPO E IMAGEM CORPORAL EM PESSOAS VIVENDO COM HIV/AIDS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Coutinho de Medeiros

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Introdução: A terapia antirretroviral de alta atividade (HAART está associada ao surgimento de diversos efeitos adversos na população com HIV/Aids, dentre as quais, a lipodistrofia. Caracterizada pela reorganização anormal de gordura pelo corpo, é um dos efeitos mais relevantes, envolvendo riscos cardiometabólicos e prejuízos na imagem corporal. Objetivo: Analisar a somatotipia e a imagem corporal em pessoas vivendo com HIV/AIDS. Métodos: A amostra foi composta por cinco mulheres (47,8 ± 6,53 anos em uso da HAART e fisicamente ativas. Foi realizada uma intervenção com o treinamento concorrente e aconselhamento dietético e avaliou-se a conformação corporal pelo somatótipo e a imagem corporal pela escala de silhuetas. Resultados: Não houve diferença na classificação do somatótipo, entretanto, os resultados apontaram diferença significativa para a análise da distância de dispersão entre somatótipos (DDS na 1ª semana (DDS = 2,63 e 16ª semana de intervenção (DDS = 2,96, quando avaliado pelas médias; e quando avaliado individualmente, verificou-se diferença significativa tanto na DDS quanto na distância espacial entre somatótipos (DES nos casos 1, na 8ª semana (DDS = 3,20 e DES = 1,01 e 16.a semana (DDS = 2,73; e caso 3, na 1ª semana (DDS = 9,25 e DES = 1,44 e 16ª semana (DDS = 8,06 e DES = 1,37. Quanto à imagem corporal, observou-se a aproximação da imagem atual à imagem ideal (imagem atual inicial = 6; imagem atual final = 5; e imagem ideal inicial e final = 3. Conclusão: O programa de treinamento concorrente associado à orientação nutricional produziu resultados positivos tanto no somatótipo quanto na percepção da imagem corporal das participantes, comprovando sua eficácia no controle da lipodistrofia e na satisfação da imagem corporal do grupo avaliado.

  3. Anemia e deficiência de ferro em gestantes adolescentes Anemia and iron deficiency in pregnant adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizabeth FUJIMORI

    2000-12-01

    Full Text Available Por meio de dosagem de ferritina sérica, transferrina sérica, hemoglobina e hematócrito, caracterizou-se o estado nutricional de ferro de 79 gestantes adolescentes de primeira consulta pré-natal (£ 20 semanas de gestação, atendidas na Rede Básica de Saúde de um Município da Grande São Paulo. Todos os valores hematológicos estudados foram menores entre as gestantes do segundo trimestre gestacional em relação às do primeiro, sendo as diferenças estatisticamente significativas (pThe objective of this study was to characterize iron nutritional status of 79 pregnant adolescents, at first prenatal consultation (<= 20 weeks of gestation, in the Primary Health System of a district of Great São Paulo, through the serum ferritin, serum transferrin, hemoglobin and hematocrit determinations. All the hematologic values studied were smaller for the pregnant adolescents in the second gestational trimester than for the ones in the first. Statistically significant differences (p.<.0.05 were found just for hemoglobin. It was verified that 64.3% and 32.1% had, respectively, less than 500.mg and 300.mg of organic iron reservations, and 5.4% presented serious lack of this mineral. By World Health Organization criterion 19.0% of the pregnant women were iron-deficient (Saturation of Transferrin <.16% and 13.9% were anemic (Hemoglobin.<.11 g/dl.

  4. Intervenção educacional com base em modelo para aumentar a atividade física entre adolescentes iranianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hormoz Sanaeinasab

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar um programa educacional com base no modelo de promoção da saúde (MPS e nos estágios de mudança para melhorar a atividade física (AF entre adolescentes iranianos. MÉTODOS: Este foi um ensaio randomizado controlado com 165 participantes divididos em dois grupos (intervenção/controle. Os dados foram coletados através de questionários de autopreenchimento com base em componentes do MPS (benefícios e barreiras para a ação, autoeficácia, sentimentos em relação ao comportamento, influências interpessoais e situacionais. A escala de estágios de mudança foi utilizada para selecionar participantes aptos (classificados nos estágios de pré-contemplação, contemplação ou preparação e para avaliar a tendência. Após a coleta dos dados de base, a intervenção foi realizada nos participantes e os dados de acompanhamento foram coletados 3 meses depois. RESULTADOS: Ao todo, 88 meninos e 77 meninas com idade média de 13,99±0,4 participaram do estudo. As diferenças em todos os componentes do MPS, exceto os sentimentos em relação ao comportamento e as influências sociais, foram significantes (p < 0,01 entre os valores de base e de acompanhamento. Comparados aos do grupo de controle, os adolescentes do grupo de intervenção foram categorizados nos estágios de ação (70% ou preparação (30% no acompanhamento. A análise de regressão múltipla revelou que preferências concorrentes, normas sociais, modelos sociais (variáveis com p < 0,001 e o compromisso com o plano de ação podem prever consideravelmente o comportamento quanto à AF. O modelo representou 22,5% da variação da AF. CONCLUSÕES: Intervenções educacionais com base nos estágios de mudança podem ter implicações importantes na melhora da AF entre adolescentes em mais componentes do MPS.

  5. Método do limiar de variabilidade da frequência cardíaca aplicado em pré-adolescentes obesos e não obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Augusto Paschoal

    2011-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A detecção do limiar anaeróbico (LA pela análise da variabilidade da frequência cardíaca (LiVFC pode significar uma nova maneira de avaliação da capacidade funcional cardiorrespiratória (CFCR em pré-adolescentes. OBJETIVO: Testar o método de LiVFC para detecção do LA em pré-adolescentes não obesos (NO, obesos (O e obesos mórbidas (OM, a fim de determinar diferenças em sua CFCR. MÉTODOS: Foram estudados 30 pré-adolescentes, com idades entre 9 e 11 anos, divididos em três grupos de 10: a grupo NO - índice de massa corpórea (IMC com percentil do National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion entre 5 e 85; b grupo O - IMC de percentil entre 95 e 97 e c grupo OM - IMC com percentil acima de 97. Todos foram submetidos a um protocolo incremental realizado em esteira rolante e registraram-se os batimentos cardíacos para detecção do LiVFC, que foi determinado pelo valor de 3,0 ms do índice do desvio-padrão 1 (SD1, extraído dos intervalos RR. RESULTADOS: Os valores médios no momento do LiVFC mostraram maiores valores para o grupo NO, destacando-se: a VO2 (ml/kg/min NO = 27,4 ± 9,2; O = 13,1 ± 7,6 e OM = 11,0 ± 1,7; b FC (bpm: NO = 156,3 ± 18,0; O =141,7 ± 11,4 e OM = 137,7 ± 10,4; e c distância percorrida (metros: NO = 1.194,9 ± 427,7; O = 503,2 ± 437,5 e OM = 399,9 ± 185,1. CONCLUSÃO: O LiVFC se mostrou efetivo para avaliação da CFCR e poderá vir a ser aplicado como método alternativo à ergoespirometria em determinadas situações.

  6. Prevalência de sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes de uma escola da rede privada de Recife Overweight and obesity prevalence in children and adolescents from a private school in Recife

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geni Balaban

    2001-04-01

    Full Text Available OBJETIVOS: determinar a prevalência de sobrepeso e obesidade em estudantes de uma escola da rede privada de Recife, comparar as prevalências de sobrepeso e obesidade entre os sexos e entre os grupos etários (crianças e adolescentes e verificar a correlação entre Índice de Massa Corporal e espessura da prega triciptal, nessa população. MÉTODOS: realizou-se um estudo de corte transversal com 762 estudantes (332 crianças e 430 adolescentes de uma escola de classe média/alta de Recife, no ano de 1999. Sobrepeso foi definido como Índice de Massa Corporal igual ou superior ao percentil 85 para idade e sexo. Obesidade foi definida como Índice de Massa Corporal e espessura da prega triciptal iguais ou superiores ao percentil 85. RESULTADOS: as prevalências de sobrepeso e obesidade foram de 26,2% (IC95% = 23 a 29% e 8,5% (IC95% = 6,5 a 10,5%, respectivamente. O sobrepeso mostrou-se mais prevalente nas crianças (34,3% do que nos adolescentes (20,0% (p OBJECTIVES: to determine the prevalence of overweight and obesity in students from a private school in Recife; compare the prevalence rates of overweight and obesity in boys and girls and in different age groups (children and adolescents and verify the correlation between body mass index and triceps skinfold thickness in this population. METHODS: cross-sectional study with 762 students (332 children and 430 adolescents from a middle/upper class school in Recife, in 1999. Overweight was defined as body mass index equal or above the 85th percentile for age and gender. Obesity was defined as body mass index and triceps skinfold thickness equal or above the 85th percentile. RESULTS: the prevalence rates were 26.2% (95%CI = 23 to 29% for overweight, and 8.5% (CI95% = 6.5 to 10.5% for obesity. Overweight was more prevalent among children (34.3% than among adolescents (20.0% (P < 0.001. Obesity was more frequent among children (14.2% than among adolescents (4.2% (P < 0.001. The prevalence of

  7. Depressão em crianças e adolescentes com epilepsia Depression in epileptic children and adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kette Dualibi Ramos Valente

    2004-01-01

    Full Text Available A epilepsia, uma condição neurológica, apresenta uma freqüência elevada de transtornos psiquiátricos, em especial a depressão, que é a comorbidade psiquiátrica mais comum nesta população. Sabe-se que o transtorno depressivo pode comprometer muito mais a qualidade de vida de um paciente com epilepsia do que a gravidade da doença em si, daí a importância do seu diagnóstico. Entretanto, há poucos estudos sobre a prevalência e apresentação clínica da depressão nas crianças e adolescentes com epilepsia e nenhum sobre o seu tratamento. Este artigo tem como objetivo estudar as razões para o subdiagnóstico deste transtorno psiquiátrico e revisar as evidências para a ocorrência de possíveis mecanismos fisiopatológicos comuns. Para tal, revisamos estudos em modelos animais de epilepsia que demonstram uma diminuição de neurotransmissores implicados nos mecanismos patogênicos e tratamento da depressão Adicionalmente, estudamos as evidências oferecidas pelos estudos de neuroimagem e neuropsicológicos que corroboram a existência de uma disfunção das estruturas límbicas - frontais e temporais - nos pacientes com transtorno depressivo, que aparentemente também existe em pacientes com epilepsia. Portanto, este artigo de revisão dá evidência de que o conceito de relação causa-efeito para a ocorrência de depressão em pacientes com epilepsia precisa ser revisto.Epilepsy, a neurological disorder, presents a high frequency of psychiatric disorders, especially depression, which is the most common psychiatric comorbidity in these patients. It's known that depressive disorder may compromise these patient's life more than the severity of epilepsy, pointing to the importance of its diagnosis. However, there are few studies on the prevalence and clinical presentation of depression in childhood and adolescence and none on its treatment. This article aims to study the reasons for the subdiagnosis of this psychiatric disorder and

  8. Sexualidade e normas de gênero em revistas para adolescentes brasileiros Sexuality and gender in magazines for Brazilian adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Barsotti Santos

    2008-06-01

    Full Text Available A mudança da relação tempo-espaço, provocada pelas novas tecnologias e expansão dos meios de comunicação, na globalização advinda da modernidade tardia, modificou a auto-identidade e reflexividade do eu. As bases de segurança constituintes da identidade são alteradas de forma dinâmica, conforme as próprias relações sociais são modificadas. A identidade, hoje, não pode ser considerada imutável. Torna-se cada vez mais conveniente apoiarem-se em receitas de estilos de vida, produzidas por vários setores sociais, que criam e difundem pela mídia verdadeiros manuais de como desenvolver uma auto-identidade. Nosso objetivo foi analisar ideais de feminilidade em matérias publicadas em duas revistas dirigidas ao público adolescente brasileiro, considerando aspectos ligados à sexualidade, à saúde sexual e às relações entre gêneros. Realizamos um estudo de caráter qualitativo, a partir de uma perspectiva de gênero. O corpus textual da pesquisa foi composto por matérias extraídas de 22 exemplares das revistas Capricho e Todateen. Identificamos três grupos nas seguintes temáticas: Beijo e "amasso"; Início da vida sexual; e Práticas Sexuais. Ambas as revistas abordam ideais de relações entre gêneros que perpetuam padrão tradicional dicotômico. As matérias prescrevem atitudes e comportamentos femininos que, apesar de parecerem diferentes e avançados, visam à manutenção de um padrão de gênero, no qual a iniciativa feminina nesta perspectiva envolve o "jeitinho feminino", isto é, ações indiretas de manipulação que podem dar ao rapaz a impressão de ter sido ele o idealizador da ação posta em prática. Esses dados parecem particularmente importantes quando pensamos em programas de saúde dirigidos a esse segmento populacional.The change in the relation of space and time caused by new technologies and by the media expansion, in the globalization that has derived from the late modernity, has modified the

  9. Abordagem dos profissionais de saúde em instituições hospitalares a crianças e adolescentes vítimas de violência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Cocco

    2010-09-01

    Full Text Available O estudo busca analisar o fluxo da assistência em instituições hospitalares a crianças e adolescentes, vítimas desse agravo, eo sentimento despertado nos profissionais diante do fenômeno. Trata-se de estudo descritivo-exploratório, com abordagemquantitativa. Participaram do mesmo, profissionais de saúde que atuavam em instituições hospitalares da região norte doestado do Rio Grande do Sul, num total de 34 profissionais. A coleta de dados foi realizada no período de maio a julho de2008. Para a realização do estudo, estruturou-se instrumento com perguntas fechadas, analisado pela estatística descritiva.Os resultados mostram que, quanto à composição da equipe, 72% dos profissionais eram do sexo feminino e 38%, na faixaetária de 23-30 anos. Quanto à categoria profissional, 59% eram técnicos de enfermagem. Em relação ao fluxo doatendimento dos casos de violência, 31% acionam o Ministério Público; 25% comunicam o Conselho Tutelar e 12%preenchem a ficha de notificação compulsória, comunicam o Conselho Tutelar e prestam assistência. Em relação aossentimentos diante do atendimento, evidenciou-se revolta, indignação, medo e impotência. O estudo possibilitou visibilizar arealidade em que as crianças e os adolescentes vítimas de violência são atendidos, discutindo as intervenções locais eapontando elementos para a ações mais eficazes.

  10. Imagem corporal em mulheres submetidas à cirurgia bariátrica: Interações socioculturais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Rodrigues de Castro

    2013-10-01

    Full Text Available Apontada como epidemia global a obesidade vem sendo tratada através da cirurgia bariátrica, método invasivo, porém, considerado o mais eficiente. Objetivou-se investigar aspectos socioculturais e seu impacto sobre a imagem corporal de mulheres submetidas à cirurgia bariátrica nos períodos pré e pós-cirúrgico. Foram entrevistadas 20 mulheres submetidas à gastroplastia há pelo menos um ano no Serviço de Controle de Hipertensão Diabetes e Obesidade (SCHDO. Os dados foram analisados sob a perspectiva qualitativa e submetidos à Análise de Conteúdo. A interação entre o contexto sociocultural e imagem corporal configurou-se nas categorias: discriminação, percepção do olhar do outro antes e após cirurgia, e percepção do próprio corpo antes e após cirurgia. Constatou-se que a imagem corporal foi elaborada a partir do meio em que viveu o grupo pesquisado. O meio externo propiciou ao sujeito sentimentos de inadequação corporal, tristeza, exclusão social e inferioridade, resultando em autoconceito negativo. Tais sentimentos foram amenizados após a cirurgia bariátrica proporcionando ao grupo autoconceito positivo decorrente de uma maior inserção social.

  11. Fatores de risco cardiovasculares, suas associações e presença de síndrome metabólica em adolescentes Cardiovascular risk factors, their associations and presence of metabolic syndrome in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anabel Nunes Rodrigues

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a ocorrência de síndrome metabólica (SM e fatores de risco associados em adolescentes de Vitória (ES. MÉTODOS: Foram avaliados 380 adolescentes de 10 a 14 anos de idade estudantes de escolas públicas. Foram mensurados: índice de massa corporal, pressão arterial em repouso, dosagens séricas em jejum das concentrações de colesterol total, LDL-colesterol, HDL-colesterol, triglicerídeos e glicose. RESULTADOS: Identificou-se prevalência de sobrepeso em 9,6% dos meninos e em 7,4% das meninas, enquanto que obesidade foi observada em 6,2 e 4,9%, respectivamente. As concentrações de triglicerídeos foram limítrofes ou altas em 6,8 e 3,4% dos meninos e em 11,8 e 5,9% das meninas. A concentração de HDL-colesterol estava abaixo dos níveis padronizados em 8,5% dos meninos e em 9,9% das meninas. A pressão arterial em repouso foi limítrofe para 5,1% dos meninos e 7,9% das meninas, enquanto que 3,4% tanto dos meninos quanto das meninas foram considerados hipertensos. Glicemia de jejum foi alta em 0,6% dos meninos e em 0,5% das meninas. No grupo estudado, 2,8% dos meninos e 2,5% das meninas apresentaram dois fatores de risco associados a SM. A prevalência de SM foi de 1,1% para meninos e 1,5% para meninas e a total foi de 1,3%. CONCLUSÕES: Fatores de risco cardiovasculares associados a SM são condições clínicas importantes nessa faixa etária. Um número significativo de adolescentes apresentou resultados limítrofes, os quais podem aumentar a prevalência de SM ou de fatores de risco independentes em curto prazo. Mais investimentos devem ser feitos na prevenção primária, considerando que o diagnóstico precoce é uma questão de fundamental importância.OBJECTIVE: To evaluate the occurrence of metabolic syndrome (MS and independent associated risk factors in adolescents in the city of Vitória, Brazil. METHODS: We assessed 380 adolescents aged 10 to 14 years attending public schools. Body mass index and blood

  12. Fatores protetivos a adolescentes em conflito com a lei no contexto socioeducativo Protective factors for adolescents in conflict with the law within the social-educational context

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Regina Brandão Sampaio Fernandes da Costa

    2006-12-01

    Full Text Available O presente artigo tem por objetivo tecer considerações acerca da importância e possibilidade de promover fatores de proteção ao adolescente em conflito com a lei no contexto de aplicação de medida sócioeducativa. Tomando como referência a Doutrina da Proteção Integral - eixo central do Estatuto da Criança e do Adolescente -, o Paradigma da Promoção da Saúde e estudos sobre resiliência, postula-se a existência de alguns fatores considerados de grande relevância ao desenvolvimento dos adolescentes, visando modificar o quadro de vulnerabilidade ao qual encontram-se associados. Sugere que a ênfase nos aspectos saudáveis do desenvolvimento favorece a emergência do potencial positivo do qual todo contexto sócioeducativo deve ser revestido, a fim de possibilitar a construção de novas perspectivas aos jovens em risco social.The purpose of this article is to make certain considerations regarding the importance and possibility of promoting protection factors to adolescents in conflict with the law within the context of applying social and educational measures. Using the Integral Protection Doctrine as a doctrinal reference - the core theme of the Statute of the Child and Adolescent - and the Paradigm of Health Promotion along with studies on development and resilience, this paper postulates the existence of certain factors considered highly relevant to the development of adolescents, seeking to modify the situation of vulnerability in which they find themselves. The paper suggests that an emphasis on health aspects of development favor the emergence of a positive potential that should be included throughout the social-educational context, so as to enable the construction of new perspectives by socially at risk youth.

  13. Repetição de gravidez na adolescência: estudos sobre a prática contraceptiva em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camomila Lira Ferreira

    2012-04-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um período crítico que traz riscos não apenas para a mãe, mas também, para o seu bebê. Tais riscos podem ser potencializados pela repetição de gravidez, constituindo-se como problema de saúde pública. Objetivou-se considerar o conhecimento e o uso de métodos contraceptivos entre 50 adolescentes, com idade média de 17 anos e com repetição de gravidez, atendidas em enfermarias da Maternidade Escola Januário Cicco, em Natal/RN/BR. Trata-se de um estudo do tipo descritivo-exploratório, com a utilização de questionário semi-estruturado. A análise dos dados foi realizada com base na estatística descritiva através da análise das frequências das respostas das adolescentes. Resultados mostram que 44% das adolescentes conhecem pelo menos 3 métodos contraceptivos, sendo a camisinha o método mais utilizado na primeira relação (78,3% e a pílula o mais utilizado no período que antecedeu a atual ou última gestação (68%. Há conhecimento dos métodos e relato do uso, mas a repetição de gravidez evidencia a necessidade de estimular práticas contraceptivas mais eficazes que considerem as peculiaridades da adolescência.

  14. Fatores associados à cobertura vacinal em adolescentes Factores asociados a la cobertura por vacunas en adolescentes Factors associated to the vaccination covering in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayla Maria Calixto de Carvalho

    2010-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar os fatores associados à condição de estar vacinado entre adolescentes de uma área da Estratégia Saúde da Família de Teresina - PI. MÉTODOS: Estudo de natureza quantitativa e do tipo seccional. A amostra foi constituída por 261 adolescentes e a análise foi realizada por meio da estatística descritiva. RESULTADOS: A cobertura vacinal contra rubéola, sarampo e caxumba foi de 5,4%; para a vacina contra difteria e tétano, foi de 22,9%; para a vacina contra hepatite-B: foi 27,2% e 35,2% para a vacina contra febre amarela. CONCLUSÃO: A baixa cobertura vacinal encontrada neste estudo está relacionada: às oportunidades perdidas de vacinação (65,5%; à deficiência de conhecimento sobre as vacinas, a faixa etária maior de 15 anos (Razão da Prevalência (RP = 2,85; Índice de Confiança (IC 95% = 1,63-4,99; o sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJETIVO: Analizar los factores asociados a la condición de estar vacunado entre adolescentes, en un área de la Estrategia Salud de la Familia, en la ciudad de Teresina, en el estado de Piauí. MÉTODOS: Estudio de naturaleza cuantitativa y de tipo seccional. La muestra fue constituida por 261 adolescentes y el análisis fue realizado por medio de la estadística descriptiva. RESULTADOS: La cobertura por vacuna contra rubéola, sarampión e caxumba fue de 5,4%; para la vacuna contra la difteria y tétano, fue de 22,9%; para la vacuna contra hepatitis-B, fue 27,2% y de 35,2% para la vacuna contra la fiebre amarilla. CONCLUSIÓN: La baja cobertura por vacunación encontrada en este estudio está relacionada a: 1 las oportunidades perdidas de vacunación (65,5%; a la deficiencia de conocimiento sobre las vacunas, al intervalo de edad mayor de 15 años [Razón de la Prevalencia (RP = 2,85; Índice de Confianza (IC 95% = 1,63-4,99]; al sexo masculino (RP = 2,04; IC95% =1,15-3,62.OBJECTIVE: To analyze the factors associated to the condition of to be vaccinated among

  15. Suicídio, lesões e envenenamento em adolescentes: um estudo epidemiológico Suicidio, lesiones y envenemiento de adolescentes: un estudio epidemiológico Suicide, lesions and poisoning of adolescents: an epidemiological study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Fortaleza Teixeira

    1997-05-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo epidemiológico dos casos de Suicídio e Lesões auto-infligidas (E950 a E959 e Lesões em que se ignora se foram acidental ou intencionalmente infligidas (E980 a E989 em adolescentes atendidos no setor de urgências psiquiátricas de um hospital-escola de Ribeirão Preto (S.P., durante o período de 1988 a 1991. Os diagnósticos foram agrupados segundo o CID-9. Os dados foram obtidos a partir do Serviço de Estatística do Hospital. O sexo feminino predominou nos 4 anos nos dois grupos diagnósticos. Observou-se um aumento dos casos de E950 a E959 no decorrer do período; enquanto houve uma diminuição de E980 a E989; em adolescentes.La presente investigación consta de un estudio epidemiológico de los casos de suicidio y lesiones auto-inflingidas (E950 a E959 y lesiones en que se ignora si fueron acidentales o intencionales (E980 a E989. La población fue adolescentes asistidos en el Sector de Urgencias Psiquiátricas, de un hospital universitário de la ciudad de Ribeirão Preto (S.P., durante el período de 1988 a 1991. Los datos fueron obtenidos en el Servicio de Estadística del Hospital; se agruparon los casos según diagnósticos (CID-9 y datos demográficos relevantes. Los resultados han evidenciado: el predominio del sexo femenino en los dos grupos diagnósticos y un aumento de los casos de E950 a E959, en cuanto hubo una disminución de los E980 a E989 entre los adolescentes, en el periodo estudiado.This is an epidemiological study on Self-Inflicted Suicide and Lesions (E950 to E959 that we do not know if they are accidentally or intentionally inflicted (E980 to E989 among adolescents attended in a Psychiatric Ward at an Emergency Service in Ribeirão Preto, S.P., Brazil, from 1988 to 1991. The diagnoses were grouped according to CID-9. Data were obtained from the Hospital Statistics Service. The feminine sex predominated in the 4 years and in both diagnoses. It was observed that the occurrence of E950 to E959

  16. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil Reincidencia del embarazo en adolescentes de Teresina, PI, Brasil Relapse into preganancy in adolescents from Teresina, PI, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inez Sampaio Nery

    2011-02-01

    Full Text Available A gravidez na adolescência é um problema de saúde pública, tornando-se mais grave em virtude da reincidência. De 1,1 milhões de parturientes adolescentes, 25% tem um filho. Objetivou-se analisar os fatores sócio-econômico-cultural e obstétrico da reincidência de gravidez na adolescência em Teresina, PI, Brasil por meio de um estudo interrelacional retrospectivo. A amostra incluiu 464 jovens que finalizaram uma gestação no primeiro quadrimestre de 2006. Destas, 47,6% encontrava-se em união consensual; 69,6% fora da escola; 86,9% com escolaridade inadequada para a idade; 72,2% sem trabalho remunerado. Este perfil evidencia a escassez de políticas públicas que contemplem o adolescente. A elaboração e efetivação dessas políticas deveriam incluir família, escola e comunidade para redução dos indicadores de gravidez e doenças sexualmente transmissíveisEl embarazo en la adolescencia es un problema de salud pública, tornándose más grave en virtud de la reincidencia. De 1,1 millones de parturientes adolescentes, 25% ya tienen un hijo. Objetivamos analizar los factores socios económicos culturales y obstétricos de la reincidencia del embarazo en la adolescencia en Teresina, PI, Brazil por medio de un estudio interrelacional retrospectivo. La muestra incluye 464 jóvenes que finalizaron una gestación en el primer cuadrimestre de 2006. De estas, 47,6% estaban en unión consensual; 69.6% fuera de la escuela; 86,9% con escolaridad inadecuada para la edad; 72,2% sin trabajo remunerado. Este perfil evidencia la escasez de políticas públicas que contemplen el adolescente. La elaboración y efectuación de esas políticas deberían incluir la familia, la escuela y la comunidad para reducción de los indicadores de embarazo y enfermedades sexualmente transmisiblesPregnancy in adolescence is a public health problem, and relapse rates make it even more serious. Out of 1,1 million parturient adolescents, 25% have a child already. We

  17. Prevalência do helicobacter pylori em adolescentes submetidos â esofagogastroduodenoscopia

    OpenAIRE

    Rodrigues, Obirajara; Moraes, Ernani Pinho de; Fernandes, Márcia Silveira; Mendoza-Sassi,Raúl Andrés; Rodrigues, Felipe Eduardo; Pinheiro, Henrique Calheiros Soares

    2009-01-01

    Este estudo foi realizado com o objetivo de determinar a prevalência do Helicobacter pylori (H. pylori) em pacientes de 12 a 22 anos submetidos a biópsia gástrica por endoscopia esôfago-gástrica-duodenal, durante os anos de 2002 a 2006, relacionando com os achados clínicos, endoscópicos e anatomopatológicos. Foi realizado um estudo transversal com revisão de prontuários, laudos endoscópicos e anatomopatológicos. Foram analisados 215 pacientes, dos quais 123 (57,2%) referiram dor ou desconfort...

  18. Total rupture of the quadriceps muscle in an adolescent Ruptura total do músculo quadríceps em um adolescente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Pires e Albuquerque

    2013-01-01

    Full Text Available The total rupture of the quadriceps muscle in an adolescent is a rare lesion. We report a case of a 13 year old boy who suffered a direct trauma to the left knee. No predisposing factors have been diagnosed. The lesion was treated with surgical repair and transosseus sutures. The aim of this study was to present a rare case of rupture of the quadriceps muscle in an adolescent and the therapy used.A ruptura total do músculo quadríceps em um adolescente é uma lesão rara. Nós relatamos um caso de um menino de 13 anos que sofreu um trauma direto no joelho esquerdo. Não foram diagnosticados fatores predisponentes. A lesão foi tratada com o reparo cirúrgico e suturas transósseas. O objetivo desta pesquisa foi apresentar um caso raro de ruptura do músculo quadríceps em um adolescente e a terapêutica adotada.

  19. Mudança na suscetibilidade à hepatite A em crianças e adolescentes na última década

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lenita S Krebs

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Estimar a prevalência de anticorpos contra hepatite A (anti-VHA em grupo de crianças e adolescentes de laboratório público e privado em Porto Alegre e comparar com estudo realizado na década anterior. MÉTODOS: Entre 2007 e 2008 foi realizado estudo transversal onde foram incluídas, consecutivamente, 465 amostras de soros de crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos de idade para determinar a prevalência de anticorpos anti-VHA total. As amostras foram fornecidas por laboratório público (grupo 1, que atende somente Sistema Único de Saúde, e por laboratório privado (grupo 2, representando os estratos socioeconômicos mais baixo e mais alto, respectivamente. O teste foi realizado em único laboratório (eletroquimioluminescência, Roche Diagnostics. Resultados > 20 UI/L foram considerados positivos. RESULTADOS: A soroprevalência de anti-VHA no grupo 1 foi de 37,6% e o percentual de positividade aumentou conforme a idade, variando de 19,4% entre 1-4 anos a 54,1% entre 15-19 anos. No grupo 2, a frequência de anti-VHA foi de 46,1% e foi inversamente relacionada à idade, caindo de cerca de 50,0% nas faixas etárias menores para 29,1% aos 15-19 anos. Houve diminuição significativa na prevalência do anti-VHA nas crianças de 5-9 anos do grupo 1 (p = 0,03, quando comparadas com estudo realizado na década de 1990. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem queda na endemicidade da hepatite A em Porto Alegre na última década e indicam maior suscetibilidade à doença em crianças e adolescentes, principalmente no estrato socioeconômico mais baixo.

  20. Prevalência do anticorpo da hepatite A em crianças e adolescentes com hepatopatia crônica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ferreira Cristina T.

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivo: avaliar a prevalência de hepatite viral A (HVA em crianças e adolescentes portadores de doenças crônicas do fígado, em um serviço de hepatologia pediátrica. Métodos: entre maio de 1999 e fevereiro de 2001, foi estudada a prevalência de anticorpos anti-HVA total em 60 crianças e adolescentes, entre 1 e 16 anos de idade, portadoras de hepatopatias crônicas, provenientes da unidade de gastroenterologia pediátrica e programa de transplante hepático infantil do serviço de pediatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O anti-HVA, realizado através de um teste laboratorial comercialmente disponível em nosso meio (Abbott - MEIA HAVAB - sistema AXSYM, foi determinado e relacionado com a idade, com o sexo, com a cor, com o diagnóstico etiológico da hepatopatia e com a renda familiar dos pacientes. Resultados: apenas uma criança de 1 ano, portadora de atresia biliar, foi excluída do estudo por apresentar anti-HVA indeterminado, em duas ocasiões. Das 59 crianças restantes, 14 (24% apresentavam resultados positivos para o anti-HVA total. As idades dos pacientes com anti-HVA positivos variaram de 1 a 16 anos (x= 7,7 anos e mediana 8,5 anos. Não houve diferença significante entre idade, sexo e cor entre os grupos positivo e negativo. A renda familiar foi menor no grupo dos pacientes anti-HVA positivo, mas não mostrou diferença estatística significante. A diferença de prevalência de anti-HVA entre as etiologias das hepatopatias está, provavelmente, relacionada à idade mais do que ao diagnóstico. Conclusões: na população estudada, a maioria (76% das crianças e adolescentes portadoras de hepatopatias crônicas é suscetível à infecção pelo vírus A, podendo apresentar, portanto, um curso mais grave e complicações, se adquirirem HVA. Sugerimos, então, que esses pacientes devam receber a vacina inativada contra HVA.

  1. Estudo de ideação suicida em adolescentes de 15 a 19 anos Study of suicide ideation in adolescents from 15 to 19 years old

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vivian Roxo Borges

    2006-12-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar a presença de ideação suicida em adolescentes da população geral, da cidade de Porto Alegre, com idades entre 15 e 19 anos; caracterizar os adolescentes com e sem ideação suicida quanto à intensidade de depressão/desesperança; identificar, nos adolescentes com ideação suicida, o nível de associação entre ideação suicida e depressão/desesperança e identificar, nos adolescentes com ideação suicida, quais variáveis foram encontradas como mais associadas à ideação suicida. Utilizou-se uma ficha de dados sócio-demográficos, Escala de Ideação Suicida de Beck, Inventário de Depressão de Beck e Escala de Desesperança de Beck. Os dados foram analisados através do cálculo de freqüências, pelo teste qui-quadrado e regressão logística. Dos 526 adolescentes da amostra, 36% apresentaram ideação suicida. Destes, 36% apresentaram sintomas de depressão e 28,6% de desesperança (moderada e/ou grave. As variáveis mais associadas à ideação suicida foram: sexo feminino, tentativa de suicídio de amigo, depressão e desesperança.This study aimed at identifying suicide ideation among adolescents aged 15 to 19 years old within the general population of Porto Alegre city, Brazil; characterizing adolescents with and without suicide ideation as to depression/hopelessness intensity; identifying suicide ideation, association level between suicide ideation and depression/hopelessness in those youngsters; as well as identifying the variables most associated to suicide ideation in those adolescents showing this behavior. A social-demographic datasheet, Beck Scale for Suicide Ideation, Beck Depression Inventory and Beck Hopelessness Scale were used. Data were submitted to frequency calculation, chi-square test and logistic regression analysis. From the 526 adolescents in the sample, 36% presented suicide ideation. Out of them, 36% showed depression symptoms and 28,6% hopelessness (moderate and

  2. Bullying and associated factors in adolescents aged 11 to 15 years Bullying e fatores associados em adolescentes com idade entre 11 e 15 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Azevedo da Silva

    2012-01-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Bullying among adolescents has become the subject of extensive research due to its negative effects on attitude and behavior. However, Brazilian literature on the topic is scarce. OBJECTIVE: To assess bullying and associated factors among adolescents in a population-based sample in southern Brazil. METHOD: Population-based, cross-sectional study with adolescents aged 11 to 15 years living in the municipality of Pelotas, state of Rio Grande do Sul, Brazil. RESULTS: A total of 1,145 adolescents were included. Bullying behaviors and attitudes were found to be associated with the following factors: intentionally skipping classes, failing at school, using alcohol, smoking cigarettes, using illegal drugs, having engaged in sexual intercourse, carrying a weapon, being involved in an accident/being run over by any vehicle, and being involved in fights with physical aggression. CONCLUSION: Bullying is associated with several behaviors that pose risk to the adolescents' physical and psychological health.INTRODUÇÃO: O bullying entre adolescentes tem sido objeto de várias pesquisas devido aos prejuízos comportamentais que acarreta. Contudo, a literatura brasileira sobre o tema é escassa. OBJETIVO: Avaliar comportamentos de bullying e fatores associados em uma amostra de base populacional de adolescentes vivendo no sul do Brasil. MÉTODO: Estudo transversal, de base populacional, com adolescentes de 11 a 15 anos de idade residentes na cidade de Pelotas, RS, Brasil. RESULTADOS: Um total de 1.145 adolescentes foram selecionados. Os comportamentos e atitudes de bullying mostraram-se associados aos seguintes fatores: faltar aula intencionalmente, reprovar algum ano na escola, usar álcool, cigarro e/ou drogas ilícitas, ter tido relações sexuais, portar arma, sofrer algum acidente ou atropelamento e brigar e/ou agredir alguém. CONCLUSÃO: O bullying esteve associado com vários comportamentos considerados de risco para a saúde física e

  3. Validación de un cuestionario para el estudio del comportamiento sexual, social y corporal, de adolescentes escolares Validity and reliability of an instrument for assessing the social, and corporal sexual behaviors among school adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Hidalgo-San Martín

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Validar un cuestionario autoadministrado de comportamientos sexuales, sociales y corporales para adolescentes por nivel escolar y género. MATERIAL Y MÉTODOS: Instrumento de 26 preguntas construido según DeVellis, aplicado en un estudio longitudinal prospectivo, hecho en 1994 a 1 243 alumnos y alumnas de secundaria y preparatoria en Guadalajara, Jalisco, México. Validez de constructo establecida por análisis factorial exploratorio y la confiabilidad por la prueba Alfa de Cronbach. RESULTADOS: Aparecen cinco factores en hombres usando valores propios (eigenvalue >1 y cinco en mujeres, forzando la mejor solución. Veinte factores explican entre 59.3 y 70.6% de varianza, con promedio de pesos factoriales de 0.63- 0.75, y con 13 factores diferentes. El promedio de Alfa de Cronbach fue de 0.87-0.93 y en 16 factores hubo valores de Alpha de 0.71 o más. CONCLUSIONES: Cuestionario para poblaciones equivalentes con validez de constructo y confiabilidad interna aceptables.OBJECTIVE: To validate a self-administered questionnaire about social and corporal sexual behaviors among adolescents, by school level and gender. MATERIAL AND METHODS: The data collection instrument was constructed according to DeVellis and consisted of 26 items. It was used in a prospective longitudinal study conducted in 1994 in Guadalajara, Mexico, among 1243 secondary and high school students. The construct validity of the instrument was established using exploratory factorial analysis, and its reliability using the Cronbach's alpha test. RESULTS: Five factors were obtained in males and an equal number in women, using eigenvalues >1 and by forcing the best solution. The explained variance was 59.3-70.6%; the factorial weight average was 0.63-0.75, and 13 different factors were selected. The Cronbach's alpha mean was 0.87-0.93 and 16 factors had Cronbach's alpha over 0.70. CONCLUSIONS: The instrumen has an acceptable validity and reliability for studying the sexual

  4. Resistência insulínica pode prejudicar a redução da espessura mediointimal em adolescentes obesos Insulin resistance can impair reduction on carotid intima-media thickness in obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Priscila de Lima Sanches

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: O processo aterosclerótico no nível endotelial começa em idade precoce e parece estar associado com a obesidade e suas comorbidades como a resistência insulínica. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a influência da resistência insulínica em marcadores inflamatórios e subclínicos de aterosclerose em adolescentes obesos. MÉTODOS: Sessenta e seis adolescentes obesos pós-púberes foram divididos em dois grupos de acordo com o índice de resistência insulínica estimado pelo Modelo de Avaliação da Homeostase (HOMA-RI: com resistência insulínica (RI n = 39 e sem resistência insulínica (NRI n = 27, e foram submetidos a uma intervenção interdisciplinar ao longo de um ano. A espessura mediointimal da artéria carótida comum (EMIC, e o tecido adiposo visceral e subcutâneo foram determinados por ultrassonografia. A composição corporal, pressão arterial, índice HOMA-RI, perfil lipídico e as concentrações de adipocinas [leptina, adiponectina, e inibidor do ativador do plasminogênio-1 (PAI-1] foram analisados antes e após a terapia. RESULTADOS: Ambos os grupos apresentaram melhoras significativas na composição corporal, estado inflamatório (redução da concentração de leptina e PAI 1; aumento de adiponectina plasmática e redução da EMIC. Apenas o grupo NRI mostrou correlação positiva entre as alterações na gordura visceral (∆Visceral e mudanças na EMIC (∆ EMIC (r = 0,42, p BACKGROUND: The atherosclerotic process at the endothelial level begins in early ages and seems to be associated with obesity and its comorbidities as insulin resistance. OBJECTIVE: The aim of this study was to verify the influence of insulin resistance on inflammatory and subclinical markers of atherosclerosis in obese adolescents. METHODS: Sixty-six post-pubescent obese adolescents were divided in two groups according to homeostasis model assessment of insulin resistance (HOMA-IR measurement: with insulin resistance

  5. Amenorréia e osteoporose em adolescentes atletas Amenorrhea and osteosporosis in adolescents athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graziela MANTOANELLI

    2002-09-01

    Full Text Available A participação feminina no esporte foi crescendo ao longo dos anos. Trabalhos científicos têm mostrado os benefícios trazidos por esta prática para a saúde da mulher, mas quando se trata de esporte competitivo podem surgir problemas. A complicação mais comum descrita pela literatura é a "tríade da atleta", a qual envolve três processos: o distúrbio alimentar, a amenorréia e a osteoporose. A amenorréia atinge, nos Estados Unidos, até 66% das atletas de competição, e algumas de suas possíveis causas são: perda de peso, excesso de treino, quantidade insuficiente de gordura corporal, perda de estoques específicos de gordura corporal e dieta inadequada. Como conseqüência da amenorréia, a esportista pode desenvolver osteoporose precoce. Não se sabe ao certo a porcentagem de atletas com osteopenia, mas há indícios de que a falta de estrógeno, a dieta inadequada e o consumo insuficiente de cálcio serem fatores que as predispõem a desenvolver a doença.The female participation in sports has been increasing over the years. Scientific studies have shown the benefits this practice brings to women's health, but, when it comes to competitive sports, problems may arise. The most common complication described by the literature is the "Female Athlete Triad", which involves three processes: the eating disorder, the amenorrhea, and the osteoporosis. In the United States, the amenorrhea afflicts up to 66% of the competition athletes, and some of its possible causes of are: weight loss, excessive training, insufficient quantity of body fat, loss of specific stores of body fat, and inadequate diet. As a consequence of the amenorrhea, the sportswoman may develop precocious osteoporosis. It is not known for sure the percentage of athletes with osteopenia, but there are indications that the lack of estrogen, the inadequate diet, and the insufficient consumption of calcium are factors predisposing them to develop the disease.

  6. Indicadores antropométricos de sobrepeso e obesidade como preditores de alterações lipídicas em adolescentes Indicadores antropométricos de sobrepeso y obesidad como predictores de alteraciones lipídicas en adolescentes Anthropometric indexes of overweight and obesity as predictors of lipid changes in adolescents

    OpenAIRE

    2011-01-01

    OBJETIVO: Identificar o poder preditivo dos indicadores antropométricos de sobrepeso e obesidade para alterações lipídicas em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 660 adolescentes de 14 a 19 anos (317 rapazes; 343 moças). Foram considerados os seguintes indicadores antropométricos: índice de massa corpórea (IMC), circunferência da cintura, razão cintura/estatura e índice de conicidade. As alterações lipídicas foram caracterizadas pelo colesterol total (CT) superior a 170mg/dL ...

  7. Resposta da pressão arterial ao esforço em adolescentes: influência do sobrepeso e obesidade Blood pressure response to physical exertion in adolescents: influence of overweight and obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Carletti

    2008-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A resposta aguda da pressão arterial ao esforço tem sido utilizada como indicador de risco para o desenvolvimento de hipertensão arterial. Os fatores associados com essa resposta precisam ser esclarecidos a fim de se intervir na prevenção da doença hipertensiva. OBJETIVO: Descrever o comportamento das variáveis cardiovasculares ao esforço agudo em adolescentes com excesso de peso, por meio de teste cardiopulmonar. MÉTODOS: A amostra foi constituída de 104 adolescentes (56 meninos e 48 meninas, divididos nos grupos de sobrepeso/obesos (GSO e eutróficos (GE. Foram aferidas variáveis antropométricas (peso, estatura e IMC, de composição corporal (dobra cutânea e variáveis hemodinâmicas de pressão arterial sistólica (PAS e diastólica (PAD e freqüência cardíaca (FC, no repouso e no esforço máximo do teste cardiopulmonar. RESULTADOS: No grupo masculino, identificaram-se maiores valores de pressão arterial sistólica de repouso para o GSO, quando comparados com o GE (113 ± 13 vs 106 ± 8 mmHg; p = 0,009, a PAS pré-exercício (120 ± 14 vs 109 ± 10 mmHg; p = 0,003 e de PAS na carga máxima de trabalho (156 ± 20 vs 146 ± 14 mmHg; p = 0,03. No grupo feminino, apenas a PAS pré-exercício foi superior no grupo de sobrepeso, quando isso foi comparado com as eutróficas (114 ± 11 vs 106 ± 10 mmHg; p = 0,009. CONCLUSÃO: A resposta pressórica durante o exercício foi mais exacerbada em adolescentes obesos quando comparada com àquela obtida em eutróficos, o que indica maior reatividade ao estresse físico.BACKGROUND: The acute blood pressure response to physical exertion has been used as an indicator of the risk of developing hypertension. The factors associated with this response need to be clarified for timely intervention in preventing hypertensive disease. OBJECTIVE: To describe the response of cardiovascular variables to acute physical exertion in overweight adolescents using cardiopulmonary exercise testing

  8. Fatores de risco para dependência de álcool em adolescentes Factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol Risk factors for alcohol dependence in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Rozin

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores de risco para dependência do álcool na adolescência. MÉTODOS: Revisão integrativa com 21 artigos publicados entre 2000 e 2009, capturados nas bases de dados LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS com as palavras-chave: adolescência, risco para dependência e álcool. RESULTADOS: Há evidências de que o álcool é a droga mais consumida por adolescentes, com início entre 14 a 16 anos. Os fatores de risco para dependência estão relacionados ao início precoce do uso, influência da mídia, relacionamento conturbado com os pais, uso por membro da família, abuso sexual, violência doméstica, baixa autoestima, curiosidade, pressão de colegas, entre outros. Apontam a vulnerabilidade genética para a dependência do álcool e controvérsias em relação ao gênero e classe social. CONCLUSÃO: Os serviços de saúde devem incorporar estratégias preventivas de identificação de riscos para a dependência, controle e acompanhamento específicos ao grupo de adolescentes dependentes.OBJETIVO: Identificar los factores de riesgo en adolescentes con dependencia al alcohol. MÉTODOS: Revisión integrativa realizada con 21 artículos publicados entre 2000 y 2009, identificados en las bases de datos LILACS, BVS, MEDLINE, COCHRANE e IBECS con las palabras-clave: adolescencia, riesgo a dependencia y alcohol. RESULTADOS: Hay evidencias de que el alcohol es la droga más consumida por adolescentes, con inicio entre 14 a 16 años. Los factores de riesgo para la dependencia están relacionados al inicio precoz del uso, influencia de los medios de comunicación, relacionamiento conturbado con los padres, uso por un miembro de la familia, abuso sexual, violencia doméstica, baja autoestima, curiosidad, presión de colegas, entre otros. Apuntan la vulnerabilidad genética para la dependencia al alcohol y controversias en relación al género y clase social. CONCLUSIÓN: Los servicios de salud deben incorporar estrategias

  9. Resistência à insulina em adolescentes com e sem excesso de peso de município da Grande Florianópolis-SC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabia Rosa Sigwalt

    2014-01-01

    Full Text Available O aumento na prevalência de excesso de peso está relacionado a mais casos de Diabetes Mellitus tipo 2 e resistência à insulina (RI entre jovens. Este estudo objetivou comparar a prevalência de RI entre adolescentes com peso corporal normal e com excesso de peso. A amostra foi composta por 96 indivíduos (35,4% rapazes, 50% excesso de peso com idade entre 14 e 19 anos (16,6±0,98. Os valores de IMC e perímetro de cintura (PC foram dicotomizados de acordo com a literatura. Para RI utilizou-se o índice HOMA-IR com o ponto de corte de 4,39. O teste Qui quadrado avaliou a diferença de prevalências entre categorias de peso ou de PC (p<0,05. Não houve diferenças significativas entre categorias e a prevalência de RI encontrada foi de 2,1%. No entanto, os adolescentes com excesso de peso tenderam a apresentar valores mais altos de HOMA-IR. Segundo critérios de glicemia, não foi encontrada RI na amostra.

  10. Estado nutricional de crianças e adolescentes sobreviventes de leucemia linfoide aguda tratados em um Centro de Referência da Região Nordeste do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Araújo de Oliveira

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e os fatores clínicos, laboratoriais e comportamentais associados ao excesso de peso em crianças e adolescentes sobreviventes de leucemia linfoide aguda, tratados em um centro de referência da Região Nordeste do Brasil. MÉTODOS: Estudo de série de casos com 30 sobreviventes de leucemia linfoide aguda. Entre os meses de março e setembro de 2011, foram coletados dados clínicos, comportamentais e laboratoriais. O diagnóstico antropométrico foi realizado em três ocasiões distintas: no momento do diagnóstico, no término do tratamento, e no período pós-tratamento, a partir dos índices altura/idade e índice de massa corporal/idade, segundo a Organização Mundial de Saúde. RESULTADOS: A amostra tinha idade média de 10,2 anos (DP=3,2. Observou-se que 33,3% dos sobreviventes tinham excesso de peso no início e no término do tratamento. No período pós-tratamento, encontrou-se aumento significante do escore-Z de índice de massa corporal/idade, e uma frequência de 43,3% de excesso de peso, além de 16,6% e 35,5% de obesidade abdominal por meio da circunferência da cintura e razão cintura/estatura respectivamente. O crescimento linear foi significativamente diminuído quando comparado os escores-Z de altura/idade no início e no término do tratamento. Na análise dos dados laboratoriais, obtiveram-se 52,1% com colesterol total acima do recomendado. Entretanto, 58,3%, 66,7% e 79,2% evidenciaram, respectivamente, Lipoproteína de Alta Densidade e Lipoproteína de Baixa Densidade-colesterol e triglicerídeo na faixa considerada desejável. CONCLUSÃO: Os sobreviventes de leucemia linfoide aguda analisados apresentaram maior risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis uma vez que apresentam frequência importante de excesso de peso, obesidade abdominal e colesterol total elevado.

  11. Análise de indicadores de risco para hipertensão arterial em crianças e adolescentes Análisis de indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes Analysis of risk indicators for the arterial hypertension in children and teenagers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thelma Leite de Araújo

    2008-03-01

    Full Text Available O objetivo da pesquisa foi avaliar os indicadores de risco para a hipertensão arterial em crianças e adolescentes. Estudo transversal desenvolvido com 342 indivíduos de seis a 18 anos de uma escola da cidade de Fortaleza (CE. A maioria eram homens (51,5%. A média de idade foi 11,73 anos ( 3,19. Foram freqüentes os escolares com sobrepeso / obesidade (16,8% e com pressão arterial acima do percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabagismo e etilismo estiveram presentes em 51,5%, 38% e 15,5% dos avaliados. A pressão arterial sistólica esteve correlacionada com as variáveis: idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril, prega subescapular e Índice de Massa Corporal. Houve correlação da pressão arterial diastólica com idade, peso, estatura, perímetros da cintura e do quadril. Confirma-se a influência de fatores de risco sobre os valores da pressão arterial em jovens. A pressão arterial sistólica foi especialmente influenciada por indicadores antropométricos.El objetivo de la investigación fue evaluar los indicadores de riesgo para la hipertensión arterial en niños y adolescentes. Se trata de un estudio transversal desarrollado con 342 individuos de seis a dieciocho años de una escuela de la ciudad de Fortaleza (CE. La mayoría eran hombres (51,5%. El promedio de edad fue de 11,73 años ( 3,19. Fueron frecuentes los escolares con sobre peso / obesidad (16,8% y con presión arterial encima del percentil 90 (44,7%. Sedentarismo, tabaquismo y etilismo estuvieron presentes en el 51,5%, 38% y 15,5% de los evaluados. La presión arterial sistólica presentó correlación con las variables: edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera, pliegue subescapular e Índice de Masa Corporal. Se identificó correlación de la presión arterial diastólica con la edad, peso, estatura, perímetros de la cintura y de la cadera. Se confirma la influencia de factores de riesgo sobre los valores de la presión arterial en

  12. Síndrome da lipodistrofia e fatores de risco cardiovasculares em crianças e adolescentes infectados pelo HIV/AIDS em uso de terapia antirretroviral de alta potência Lipodystrophy syndrome and cardiovascular risk factors in children and adolescents infected with HIV/AIDS receiving highly active antiretroviral therapy

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria L. F. Werner

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil lipídico, alterações da conformação corporal e fatores de risco cardiovasculares em crianças e adolescentes infectados pelo HIV/AIDS, tratados com terapia antirretroviral de alta potência. MÉTODOS: Foram estudadas 43 crianças e adolescentes em uso dessa terapia atendidas no ambulatório de doenças infecciosas em Pediatria do Instituto Fernandes Figueira/Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro (RJ. Foram realizadas dosagens de colesterol total, lipoproteína de alta densidade, lipoproteína de baixa densidade, triglicerídeos, teste de tolerância à glicose e avaliada a distribuição de gordura corporal, estado nutricional, ingestão dietética e história familiar de risco cardiovascular. As análises estatísticas foram realizadas com o teste t de Student. O nível de significância estatístico do p foi menor que 0,05. RESULTADOS: Observou-se alteração lipídica em 88,3% e de conformação corporal em 13,9% dos casos. O estado nutricional foi adequado na maioria (81,3% da população do estudo. A ingestão de colesterol em crianças com mais de 9 anos foi acima do recomendado. CONCLUSÃO: A prevalência de dislipidemia e, consequentemente, o risco para doenças cardiovasculares foram altos durante o uso de terapia antirretroviral de alta potência.OBJECTIVE: To describe lipid profile, body shape changes, and cardiovascular risk factors in children and adolescents infected with HIV/AIDS receiving highly active antiretroviral therapy. METHODS: We investigated 43 children and adolescents being treated with this therapy at the outpatient clinic of pediatric infectious diseases of Instituto Fernandes Figueira/Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, Brazil. Values of total cholesterol, high-density lipoprotein, low-density lipoprotein, and triglycerides were determined. We also performed glucose tolerance test and analyzed body fat distribution, nutritional status, dietary intake, and family history of

  13. Dor e lesões em bailarinos adolescentes: revisão sistemática

    OpenAIRE

    Silva,Andressa Melina Becker da; Enumo, Sônia Regina Fiorim

    2016-01-01

    RESUMO JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A dança não é uma modalidade esportiva, mas, por ter competições, exige muito preparo físico dos bailarinos, o que ocasiona quadros álgicos, os quais, por sua vez, levam a lesões. Na adolescência, essa condição é mais grave, pois o corpo está em desenvolvimento. Considerando a importância de estudar essa condição de risco à saúde de bailarinos na adolescência, este estudo apresenta uma revisão sistemática da literatura nacional e internacional sobre a dor e ...

  14. Compaixão e coping com a vergonha em adolescentes com problemas de comportamento

    OpenAIRE

    Brites, Adriana Oliveira

    2016-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica (Intervenções Cognitivo Comportamentais nas Perturbações Psicólogicas da Saúde), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra O presente estudo tem como objetivo perceber quais as variáveis da compaixão que explicam a adoção de determinado estilo de coping com a vergonha. A literatura sugere que os baixos níveis de compaixão estão associados a quadros psicopatológicos, e que a vergonha está...

  15. A percepção de saúde para adolescentes obesos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Carvalho Ferriani

    2000-12-01

    Full Text Available O presente estudo tem como objetivo conhecer a percepção de saúde para adolescentes obesos que participam do Programa Multidiciplinar de Assistência ao Adolescente Obeso, desenvolvido no Campus de Ribeirão Preto - USP. Foi utilizada a abordagem qualitativa fundamentada em Minayo (1996; os dados foram coletados através de frases e redações de 17 adolescentes integrantes do programa. A análise e interpretação dos dados foi ancorada na técnica de análise temática proposta por Bardin (1977, onde identificou-se os seguintes núcleos de sentido: saúde é beleza, alimentação e higiene e prática de esportes. Assim, o estudo evidenciou que a imagem corporal ideal que o adolescente busca para si, está relacionada com os padrões de beleza ditados pela mídia e com estereótipos de perfeição física. Outro aspecto detectado no estudo, é que os adolescentes têm consciência da importância de praticar esportes e ter uma alimentação balanceada.

  16. Prevalência e fatores associados à obesidade abdominal em adolescentes Prevalencia y factores asociados a la obesidad abdominal en adolescentes Prevalence of abdominal obesity and associated factors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Romanzini

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de obesidade abdominal e sua associação com fatores demográficos, econômicos e estilo de vida em adolescentes. MÉTODOS: Estudo transversal conduzido em 644 adolescentes (397 do sexo feminino e 247 do masculino, de 15 a 19 anos. Foram coletadas informações demográficas (sexo e idade, econômicas (nível econômico e comportamentais (atividade física, alimentação, tabagismo e etilismo. A obesidade abdominal (desfecho foi determinada com base em pontos de corte para a circunferência de cintura, específicos ao sexo e à idade. A análise multivariada foi realizada por meio de regressão logística, estimando-se Odds Ratios (OR brutas e ajustadas, com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: A prevalência de obesidade abdominal foi de 7,5%. Adolescentes do sexo masculino (OR 2,34; IC95% 1,27-4,32, de nível econômico intermediário (OR 2,89; IC95% 1,35-6,19 e alto (OR 2,98; IC95% 1,31-6,77 e que consumiam bebida alcoólica de forma abusiva (OR 2,12; IC95% 1,10-4,09 apresentaram maior chance de possuírem obesidade abdominal. CONCLUSÕES: A prevalência de obesidade abdominal foi baixa em comparação aos estudos internacionais. Ademais, encontrou-se que o sexo, o nível econômico e o consumo abusivo de álcool se associaram à obesidade abdominal.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de obesidad abdominal y su asociación con factores demográficos, económicos y estilo de vida en adolescentes. MÉTODOS: Estudio transversal conducido en 644 adolescentes (397 del sexo masculino y 247 del femenino de 15 a 18 años. Se recogieron informaciones demográficas (sexo, edad, económicas (nivel económico y comportamentales (actividad física, alimentación, tabaquismo, alcoholismo. La obesidad abdominal (desfecho fue determinada con base en puntos de corte para la circunferencia de la cintura, específicos al sexo y la edad. El análisis multivariado se realizó mediante regresión logística, estimando

  17. Avaliação do acesso vascular para hemodiálise em crianças e adolescentes: um estudo de coorte retrospectivo de 10 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina Araujo de Souza

    2011-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As intercorrências do acesso vascular têm sido a maior causa de internação entre os pacientes com estágio V da doença renal crônica (DRC em hemodiálise (HD. Apesar de campanhas para a diminuição do uso de cateter venoso central (CVC como via de acesso para HD, este ainda representa a principal via de acesso para crianças e adolescentes que iniciam HD. OBJETIVOS E MÉTODOS: Este estudo tem o objetivo de avaliar, por meio de um coorte retrospectivo, o tipo de acesso vascular inicial, a incidência de complicações dos acessos vasculares e as razões de falência dos acessos em crianças e adolescentes com idade entre 0 e 18 anos que iniciaram HD no período de 1997 a 2007. RESULTADOS: Foram estudados 251 acessos em 61 pacientes, sendo 97 fístulas arteriovenosas (FAV e 154 CVC de curta permanência. Dos pacientes do estudo 51 % iniciaram HD pelo CVC. A média de idade dos pacientes no início da HD foi de 12,5 anos. A doença de base predominante foi glomerulopatia (46%. A principal causa de retirada de CVC foi infecção, em 35%. A sobrevida média do CVC foi de 40 dias. A falência primária da FAV foi detectada em 37,8% das FAV confeccionadas. Para as FAV funcionantes, a principal causa de falência foi a trombose (84%. A infecção não foi a causa de nenhuma falência de FAV. Comparando-se os tipos de acesso, constatou-se risco de infecção 34 vezes maior para os pacientes em uso de CVC em relação aos em uso de FAV. CONCLUSÃO: A infecção foi a maior causa de retirada de CVC temporário. Esse estudo sugere que o CVC temporário deve ser evitado, e, sempre que possível, substituído por FAV ou CVC