WorldWideScience

Sample records for consumo alimentar em

  1. Dependência para alimentar-se e consumo alimentar em idosos hospitalizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Arethusa Sass

    2012-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi verificar a associação entre o consumo alimentar e a dependência para alimentar-se em idosos hospitalizados, os quais foram entrevistados nas primeiras 24hs após internação na clínica médica de um hospital geral. Participaram da pesquisa 75 idosos com idade média de 70,9 anos, sendo 58,7% do sexo masculino e 17,3% com dependência para alimentar-se. Não foi evidenciada associação entre dependência para alimentar-se e o consumo de alimentos energéticos e construtores, mas o foi para o consumo dos alimentos reguladores como o alho e cebola (p=0,00 e o de água (p=0,04. Sugere-se a necessidade de orientação nutricional aos cuidadores, visto que a dependência para alimentar-se se associa ao baixo consumo de água entre idosos.

  2. Consumo alimentar e estado nutricional de mulheres em quimioterapia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabela Borges Ferreira

    2016-07-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo foi analisar o consumo alimentar e o estado nutricional de mulheres com câncer de mama (CM em quimioterapia (QT. A avaliação dietética quantitativa foi realizada de acordo com as Dietary Reference Intakes (DRI e a avaliação qualitativa pelo Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R. Dentre o total de pacientes (n = 20, 60% (n = 12 apresentaram circunferência da cintura igual ou superior a 88 cm. Foi verificado 75% (n = 15 de indivíduos com excesso de peso. A média da ingestão de cálcio, cobre, ferro, fibra alimentar, magnésio, potássio, vitamina A, niacina, vitamina B6 e zinco encontrava-se abaixo da recomendação de ingestão adequada e o consumo de vitamina C, fósforo, manganês, sódio e tiamina encontrava-se acima. Quanto à análise do IQD-R, 80% (n = 16 das pacientes apresentaram uma “dieta que requer modificações”, enquanto que 20% (n = 4 apresentaram uma “dieta saudável”. Observou-se elevado excesso de peso, desequilíbrio na ingestão de micronutrientes e dieta que necessita melhorias. Dessa forma, a criação e a utilização de um protocolo de intervenção nutricional são de grande relevância para melhorar a dieta de pacientes com CM que realizam QT.

  3. Consumo alimentar e estresse em pacientes com síndrome coronariana aguda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Evelise Helena Fadini Reis Brunori

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOObjetivo:Avaliar se o consumo alimentar de pacientes com síndrome coronariana aguda (SCA segue as recomendações nacionais e internacionais e se existe relação com níveis de estresseMétodo:Estudo transversal com 150 pacientes com SCA que foram entrevistados utilizando-se os Questionários de Frequência Alimentar e Escala de Estresse Percebido-10.Resultados:Consumo diário acima das recomendações: colesterol (92%, fi bras (42,7% e proteínas (68%; consumo abaixo das recomendações: potássio (88% e carboidratos (68,7%; consumo conforme recomendações: sódio (53,3% e lípides (53,3%. A maioria (54% com consumo alimentar inadequado era estressada ou altamente estressada. Houve associação estatisticamente signifi cante entre menor nível de estresse e maior consumo de fibras.Conclusão:Em pacientes com SCA, o consumo alimentar esteve fora do recomendado pelas diretrizes e o menor consumo de fibras ocorre concomitantemente com maior estresse. Esforços educativos podem instrumentalizar os pacientes na adequação do consumo alimentar e no controle do estresse.

  4. Sintomas de transtorno alimentar, insatisfação com a imagem corporal e consumo alimentar em meninas adolescentes de Florianópolis, SC

    OpenAIRE

    Souza, Lidiamara Dornelles de

    2012-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Nutrição, Florianópolis, 2012. Objetivo: Investigar a associação entre consumo alimentar, sintomas de risco para transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal das adolescentes da rede de ensino fundamental e médio de Florianópolis, SC. Métodos: Estudo transversal, com 1052 adolescentes do sexo feminino das redes de ensino pública e privada de Florianópol...

  5. Fatores de risco cardiovascular e consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Elisabete Hilgenberg

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é investigar a prevalência de fatores de risco cardiovascular e inadequações de consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira e a associação com sexo e ano de formação. Estudo transversal com 166 cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira, em Pirassununga – SP, entre junho e dezembro de 2013. Foram avaliadas medidas antropométricas, parâmetros bioquímicos e clínicos, nível de atividade física, tabagismo e consumo alimentar. Testes de Qui-Quadrado de Pearson ou Exato de Fisher foram utilizados. A prevalência de excesso de peso (IMC >25,0 kg/m2 foi de 29,7% nos homens e de 16,7% nas mulheres. Hipertensão arterial foi prevalente em 15,2% dos homens. Verificou-se hipercolesterolemia em 50,7% dos cadetes; 24,3% apresentaram valores elevados de lipoproteína de baixa densidade e, 11,2%, lipoproteína de alta densidade baixa. Houve associação entre tempo de permanência na Academia e lipoproteína de alta densidade baixa. Observou-se consumo elevado de gorduras saturadas (87,2% e de colesterol (42,7%. A ingestão inadequada de fibras foi verificada em 92,7% da amostra. Observou-se considerável prevalência de fatores de risco cardiovascular entre os cadetes, principalmente hipercolesterolemia e consumo alimentar inadequado.

  6. Intake and feeding efficiency in feed-lot lambs Consumo e Eficiência Alimentar em Cordeiros Confinados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joadil Gonçalves Abreu

    2008-12-01

    Full Text Available The present experiment was carried out in order to evaluate the intake and feed efficiency in fed-lot sheep as function of the body weight (BW variation. Data from three experiments with 50 feedlot lambs maintained in individual metabolic cages and fed diets composed of 50:50 roughage:concentrate were used. The experiment lasted 120 days; every 21 days the animals were weighed and the dry matter intake and body weight change were daily done. The intake was determined by checking daily the feed offer level and orts. The increased in animals body weight incremented the dry matter intake in 30.8g/kg of body weight/day, but promoted reduction of 0.0318% when the intake was expressed as percentage of BW. In addition, the advance of body weight affected negatively the feed conversion (FC, where animals with BW of 30 kg showed estimated FC of 4.55 of dry matter/kg of BW gain, while animals with BW of 45 kg have would food conversion of 7.03 kg of DM/kg of BW gain.Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o consumo e a eficiência alimentar em ovinos confinados em função da variação no peso vivo (PV. Foram utilizados dados de três experimentos com cordeiros em confinamento, 50 animais no total, mantidos em gaiolas individuais para estudos de metabolismo, alimentados com dietas de relação volumoso: concentrado 50:50. Durante o experimento (120 dias, os animais foram monitorados quanto ao consumo diário de matéria seca e à variação de peso vivo, por meio de pesagens realizadas a cada 21 dias. O consumo foi determinado pelo monitoramento diário da oferta de alimento e das sobras. Com o do peso vivo dos animais aumentou o consumo de matéria seca em 29,38g/kg de PV/dia, mas promoveu redução de 0,0318% quando expresso em porcentagem do PV. Além disso, o avanço do PV afetou negativamente a conversão alimentar (CA, de modo que animais com 30kg de PV apresentaram CA estimada de 4,55kg de MS/kg de PV ganho, enquanto animais com peso

  7. Consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, Piauí, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CARVALHO Cecilia Maria Resende Gonçalves de

    2001-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar o consumo alimentar de adolescentes matriculados em um colégio particular de Teresina, realizou-se estudo transversal através de amostragem sistemática. A freqüência de consumo de alimentos expressa em dias por semana foi obtida mediante questionário administrado individualmente ao aluno. O estado nutricional foi avaliado pelo Índice de Massa Corporal, considerando com sobrepeso valores > ou = P85. Os resultados indicam prevalência elevada de risco para o sobrepeso (19,8% nos 334 adolescentes. Os meninos consumiram com maior freqüência alimentos energéticos (milho, manteiga, pizza, lasanha, sucos industrializados, refrigerantes e construtores (frango, ovos, leguminosas em relação às meninas (p < 0,05. Os adolescentes de 10 a 13 anos consumiram com maior freqüência milho, mel, açúcar, rapadura enquanto aqueles com idade entre 17 e 19 anos consumiram mais arroz, bolos, biscoitos, rosca, balas, goma de mascar, refrigerantes, frutas verde-amarelo.

  8. Consumo alimentar de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacqueline Siqueira Santos

    2011-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar a ingestão de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína de lactentes com fenilcetonúria em uso de aleitamento materno. MÉTODOS: Um grupo de 39 crianças, com até 6 meses de idade, que fazia uso de aleitamento materno (grupo amamentado foi comparado a um grupo-controle que fazia uso de fórmula especial com baixo teor de fenilanina, por meio de um estudo de coorte histórico concorrente. Os grupos foram pareados por sexo e duração da amamentação. Foram revistos 719 recordatórios alimentares de pacientes do grupo amamentado e 628 do grupo-controle. Foi realizada avaliação antropométrica no início e no final do estudo. A análise da ingestão de nutrientes foi feita com a utilização dos programas Minitab e LogXact 4.0, e a avaliação antropométrica foi feita com a utilização do programa Epi Info 6.0. RESULTADOS: O grupo amamentado apresentou ingestão adequada de fenilalanina e tirosina e maior adequação de ingestão proteica e energética. A maioria das crianças dos dois grupos apresentou escore-Z dentro dos limites normais (Z ³-2, com evolução favorável dos indicadores estudados (peso/idade, estatura/idade, peso/estatura e perímetro cefálico. CONCLUSÃO: O aleitamento materno na fenilcetonúria proporcionou ingestão adequada de calorias, fenilalanina, tirosina e proteína. A chance de uma criança do grupo amamentado possuir recordatórios de 24h adequados de ingestão energética foi 10,64 vezes maior que a chance de uma criança do grupo-controle. Em relação à ingestão proteica a chance foi 5,34 vezes maior. O crescimento foi similar nos dois grupos.

  9. Consumo alimentar e antropometria relacionados à síndrome de fragilidade em idosos residentes em comunidade de baixa renda de um grande centro urbano

    OpenAIRE

    Amanda de Carvalho Mello; Marilia Sá Carvalho; Luciana Correia Alves; Viviane Pereira Gomes; Elyne Montenegro Engstrom

    2017-01-01

    Resumo: O objetivo deste estudo foi descrever dados antropométricos e de alimentação relacionados à síndrome de fragilidade em idosos. O desenho foi transversal, com indivíduos ≥ 60 anos de inquérito domiciliar realizado em Manguinhos, Município do Rio de Janeiro, Brasil (n = 137). Foram obtidos o diagnóstico de síndrome de fragilidade segundo Fried et al., medidas antropométricas e aplicado questionário de frequência de consumo alimentar, comparando-se às recomendações do Ministério da Saúde...

  10. Qualidade de vida, estado nutricional e consumo alimentar de mulheres com câncer de mama em tratamento quimioterápico

    OpenAIRE

    Juliana Scheibler; Flávia Moraes Silva; Thaís Rodrigues Moreira; Fernanda Scherer Adami

    2016-01-01

    Objetivo: Avaliar a qualidade de vida, o estado nutricional e o consumo alimentar de mulheres diagnosticadas com câncer de mama em quimioterapia. Métodos: Estudo transversal e analítico envolvendo 70 mulheres, de 30 a 59 anos, em um hospital do Rio Grande do Sul, no período de maio a outubro de 2015. Aplicou-se o questionário European Organization for Research and Treatment of Câncer Quality of Life Questionnaire C30 (EORTC QLQ- C30). As variáveis antropométricas coletadas foram: peso atual, ...

  11. Consumo alimentar de mulheres sobreviventes de câncer de mama: análise em dois períodos de tempo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Alves de Carvalho Sampaio

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar o consumo alimentar de dois grupos de mulheres portadoras de câncer de mama atendidas em dois períodos distintos: 1999-2004 e 2005-2009. MÉTODOS: Estudo documental, com abordagem descritiva e comparativa. Foram coletados dados de identificação e de ingestão alimentar nas fichas de 154 pacientes portadoras de câncer de mama atendidas em serviços de referência de Fortaleza (CE: 66 no período de 1999-2004 e 88 no de 2005-2009. Foram considerados como integrantes do hábito os alimentos consumidos pelo menos quinzenalmente por, no mínimo, 50% das pessoas. Calculou-se a prevalência de consumo de alimentos, sendo os padrões dos dois períodos comparados pela aplicação dos testes Quiquadrado ou exato de Fisher, e adotouse p<0,05 como nível de significância. RESULTADOS: Os hábitos alimentares dos dois grupos foram semelhantes, exceto quanto ao maior consumo de leite e de cenoura e menor consumo de manga e caju, além de uma tendência ao aumento no consumo de óleo de soja, observada no grupo atendido mais recentemente. O aumento de leite e de cenoura pode configurar proteção contra a recidiva da doença, mas a redução do consumo das frutas citadas pode significar maior risco: aliás, foram baixas as prevalências de consumo de frutas e hortaliças pelos dois grupos de mulheres. CONCLUSÃO: Os achados apontam para uma lacuna na abordagem educativa das pacientes tanto no passado como na atualidade, o que comprova a necessidade de incentivar maior consumo e variedade de hortaliças e frutas e menor consumo de cereais refinados, gorduras, açúcar e refrigerantes.

  12. Qualidade de vida, estado nutricional e consumo alimentar de mulheres com câncer de mama em tratamento quimioterápico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Scheibler

    2016-11-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a qualidade de vida, o estado nutricional e o consumo alimentar de mulheres diagnosticadas com câncer de mama em quimioterapia. Métodos: Estudo transversal e analítico envolvendo 70 mulheres, de 30 a 59 anos, em um hospital do Rio Grande do Sul, no período de maio a outubro de 2015. Aplicou-se o questionário European Organization for Research and Treatment of Câncer Quality of Life Questionnaire C30 (EORTC QLQ- C30. As variáveis antropométricas coletadas foram: peso atual, altura, circunferência braquial, circunferência da cintura, circunferência do quadril e prega cutânea tricipital. O consumo alimentar foi avaliado pelo recordatório alimentar de 24 horas. Resultados: Sobrepeso e obesidade foram encontrados respectivamente em 37,1% e 37% das mulheres de acordo com o índice de massa corporal. A média do consumo de calorias, carboidratos, lipídios, colesterol, fibras, cálcio e ferro foi significativamente inferior à recomendação, com destaque para nutrientes como fibras (91,4% dos casos, cálcio (87,7% dos casos e ferro (mais de 90% dos casos. No entanto, o consumo médio de proteínas (72,9% dos casos > 15% do VCT e vitamina C (mais de 50% dos casos foi superior ao recomendado. Conclusão: A qualidade de vida das mulheres com câncer de mama em quimioterapia foi considerada baixa e elas apresentaram uma elevada prevalência de sobrepeso e obesidade. Além disso, o consumo alimentar foi superior à recomendação para proteínas e vitamina C, e inferior para calorias, carboidratos, lipídios, colesterol, fibras, cálcio e ferro. Não foi observada associação significativa entre qualidade de vida e estado nutricional.

  13. Escores de consumo alimentar e níveis lipêmicos em população de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fornés Nélida Schmid de

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o padrão de consumo alimentar avaliado por meio de escores de consumo e relacionar esses escores com os níveis de colesterol total e de lipoproteínas de baixa e alta densidades em população da área metropolitana de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado no município de Cotia, São Paulo, em amostra representativa de 1.045 adultos, foram determinados níveis de lipídeos séricos e a ingestão de alimentos por meio da freqüência de consumo alimentar. Foram utilizados escores de padrão de consumo, estabelecendo um peso para cada categoria de consumo baseado na freqüência anual, obtendo-se, assim, a distribuição quintilar do escore I (alimentos considerados de risco para doenças cardiovasculares e escore II (alimentos protetores. Foram comparados os valores médios das lipoproteínas para cada um dos quintis pela análise de variância, e foram verificadas possíveis relações entre os escores de consumo e as frações de lipídeos séricos, mediante modelos de regressão linear múltipla (stepwise forward. RESULTADOS: Observou-se aumento significativo dos níveis médios de lipídeos, segundo quintis de consumo do escore I para colesterol total e para lipoproteína de baixa densidade-colesterol, e constatou-se um comportamento inverso e significativo dos níveis desses lipídeos séricos em relação ao escore II. O escore I correlacionou-se positivamente e significativamente a esses lipídeos, e o escore II apresentou correlação inversa e significativa com esses constituintes sangüíneos. CONCLUSÕES: Em estudos populacionais, a análise da freqüência de consumo de alimentos por meio de escores pode ser um método de escolha para avaliar qualidade de dieta e de seu potencial efeito nos níveis séricos de colesterol total e de lipoproteínas de baixa densidade.

  14. Escores de consumo alimentar e níveis lipêmicos em população de São Paulo, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélida Schmid de Fornés

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o padrão de consumo alimentar avaliado por meio de escores de consumo e relacionar esses escores com os níveis de colesterol total e de lipoproteínas de baixa e alta densidades em população da área metropolitana de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado no município de Cotia, São Paulo, em amostra representativa de 1.045 adultos, foram determinados níveis de lipídeos séricos e a ingestão de alimentos por meio da freqüência de consumo alimentar. Foram utilizados escores de padrão de consumo, estabelecendo um peso para cada categoria de consumo baseado na freqüência anual, obtendo-se, assim, a distribuição quintilar do escore I (alimentos considerados de risco para doenças cardiovasculares e escore II (alimentos protetores. Foram comparados os valores médios das lipoproteínas para cada um dos quintis pela análise de variância, e foram verificadas possíveis relações entre os escores de consumo e as frações de lipídeos séricos, mediante modelos de regressão linear múltipla (stepwise forward. RESULTADOS: Observou-se aumento significativo dos níveis médios de lipídeos, segundo quintis de consumo do escore I para colesterol total e para lipoproteína de baixa densidade-colesterol, e constatou-se um comportamento inverso e significativo dos níveis desses lipídeos séricos em relação ao escore II. O escore I correlacionou-se positivamente e significativamente a esses lipídeos, e o escore II apresentou correlação inversa e significativa com esses constituintes sangüíneos. CONCLUSÕES: Em estudos populacionais, a análise da freqüência de consumo de alimentos por meio de escores pode ser um método de escolha para avaliar qualidade de dieta e de seu potencial efeito nos níveis séricos de colesterol total e de lipoproteínas de baixa densidade.

  15. Avaliação do consumo alimentar de crianças brasileiras assistidas em creches: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dixis Figueroa Pedraza

    2015-03-01

    Full Text Available Objetivos: levantar evidências sobre o perfil do consumo alimentar de crianças brasileiras assistidas em creches. Métodos: foi realizada uma busca por estudos observacionais nas bases de dados PubMed, LILACS e SciELO. Foram selecionados artigos publicados entre 1990 e 2013, utilizando os termos “food consumption” AND “child day care centers”. Resultados: foram identificados 58 artigos, dos quais 21 artigos foram considerados relevantes para o presente trabalho: 18 estudos transversais e três longitudinais. A sistematização dos estudos destaca: i a concentração geográfica no Sudeste do país; ii a apropriação da pesagem direta de alimentos e dos valores de referência das Dietary Reference Intakes na avaliação do consumo de alimentos; iii um panorama preliminar, com ênfase no Sudeste, do consumo deficitário de legumes, frutas e vegetais, e da inadequação da ingestão dietética de ferro; iv a restrição dos resultados à ingestão média devido à insuficiência do uso de métodos apropriados ao estabelecimento de padrões alimentares. Conclusões: apesar da escassez e dispersão espaço-temporal dos estudos, as semelhanças metodológicas possibilitam sugerir um panorama em que predomina a ingestão dietética deficitária do grupo de frutas, legumes e verduras, e de alimentos ricos em ferro; bem como a ingestão excessiva de alimentos protéicos e de alto teor de sódio.

  16. Análise do consumo alimentar em indivíduos com síndrome de Down da região metropolitana de Porto Alegre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franciéle Gomes da Silva

    2017-04-01

    Full Text Available A síndrome de Down (SD, também conhecida como trissomia do cromossomo 21 é uma das principais causas de deficiência intelectual da população. Possuem características como protusão lingual, dificuldade de mastigação, diminuição da saliva e constipação, ainda apresentam uma grande prevalência de sobrepeso e obesidade. Objetivos: avaliar o consumo de alimentos industrializados, fontes de gorduras saturadas e trans, através de questionário de frequência alimentar (QFA em pessoas com síndrome de Down. Método: foi realizado um estudo transversal, de caráter qualiquantitativo, com indivíduos portadores de SD, de ambos os sexos, de 0 a 52 anos que frequentam as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAEs de três cidades da região metropolitana de Porto Alegre. Os dados foram coletados através de um QFA elaborado pelas autoras e respondido pelos responsáveis. As análises foram processadas no programa estatístico SPSS versão 21.0. Resultados: foram entrevistados 33 indivíduos, sendo que 57,6% do total da amostra encontrava-se na faixa etária da primeira infância, dos zero aos 10 anos. O leite integral, sucos industrializados e frios e embutidos foram os alimentos com maior porcentagem de consumo diário. O consumo de refrigerantes foi de 42,4% entre uma e duas vezes por semana e 54,5% consomem carne de gado de três a quatro vezes por semana. Mais de 20% dos participantes relataram o consumo de frituras como frango frito e polenta ou aipim frito e ovo frito de uma a duas vezes na semana. Considerações finais: o consumo dos alimentos estudados é presente nessa população, apesar de poucos apresentarem frequência de consumo diária. Ainda assim os hábitos alimentares devem ser melhorados uma vez que já existe uma propensão para o aumento de peso na síndrome de Down.

  17. Central obesity and dietary intake in HIV/AIDS patients Obesidade abdominal e consumo alimentar em portadores de HIV/Aids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Constante Jaime

    2006-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the association between dietary intake and central obesity among people living with HIV/AIDS and receiving highly active antiretroviral therapy. METHODS: A cross-sectional study was conducted involving 223 adult individuals in the city of São Paulo city in 2002. The study population was classified according to central obesity, defined as waist-to-hip ratio >0.95 for men and >0.85 for women. The dietary variables studied were energy consumption (in calories and calories/kilo of body weight, macronutrients (in grams and % of energy intake, total fiber (grams and fruit and vegetables intake (grams. The potential confounders examined were sex, skin color, age, schooling, income, body mass index, physical activity, smoking habits, peripheral CD4+ T lymphocyte count and length of protease inhibitor use. The multiple logistic regression model was performed in order to evaluate the association between central obesity and dietary intake. RESULTS: The prevalence of central obesity was 45.7% and it was associated with greater consumption of lipids: for every increase of 10g of lipid intake the odds of central obesity increased 1.28 times. Carbohydrate consumption showed negative association (OR=0.93 with central obesity after adjustment for control variables. CONCLUSIONS: The results suggest that the amount of carbohydrates and lipids in the diet, regardless of total energy intake, may modify the chance of developing central obesity in the studied population. Nutritional interventions may be beneficial for preventing central obesity among HIV/AIDS patients.OBJETIVO: Avaliar a associação entre consumo alimentar e presença de obesidade abdominal em indivíduos infectados pelo HIV/Aids, em uso de terapia antiretroviral de alta potência. MÉTODOS: Trata-se de estudo transversal envolvendo 223 indivíduos adultos, realizado no município de São Paulo, em 2002. A população de estudo foi classificada de acordo com a obesidade

  18. Consumo alimentar de crianças atendidas em ambulatório de nutrição de unidade - doi:10.5020/18061230.2009.p81

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Rocha Ramalho

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o padrão alimentar de crianças em seguimento ambulatorial, verificando os tipos de alimentos, o consumo energético e a distribuição de nutrientes. Métodos: Realizou-se um estudo documental, no período de janeiro de 2005 a dezembro 2007, em que foram analisados 75 recordatórios alimentares presentes nos prontuários de crianças com idade entre 2 e 10 anos. As variáveis estudadas foram hábito alimentar, consumo energético, distribuição de macronutrientes, de micronutrientes (cálcio, ferro e as vitaminas A, C, B1, B2 e fibras. Os testes exato de Fisher e Qui-quadrado foram usados para verificar associação entre o consumo alimentar e as variáveis estudadas. Resultados: Os alimentos mais consumidos consistiram de: leite, arroz, feijão, óleo e açúcar, e menor de frutas e verduras. Com relação ao consumo de energia, o estudo revelou que 8 (10,66% crianças ingeriam a quantidade recomendada, sendo que 32 (42,66% consumiam um valor inferior e 35 (46,66%, valor superior ao recomendado para sua idade, sexo e atividade física. Em relação aos carboidratos, proteínas e lipídios, observou-se que 59 (78,7%, 68 (90,7% e 39 (52% crianças encontravam-se de acordo com as respectivas DRI (dietetic references intake. O consumo de alimentos ricos em ferro esteve presente, mas houve pouco consumo de fontes de vitamina C. Conclusão: A avaliação dos recordatórios alimentares revelou uma dieta monótona e pouco diversificada, basicamente láctea, com consumo elevado de açúcares e de gordura e reduzido consumo de frutas e verduras.

  19. Food Consumption and Iron Intake of Pregnant and Reproductive Aged Women Consumo alimentar e ingestión de hierro por mujeres embarazadas y en edad reproductiva Consumo alimentar e ingestão de ferro de gestantes e mulheres em idade reprodutiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Sayuri Sato

    2010-04-01

    alimentos, suplemento medicamentoso para gestantes y orientación nutricional para las mujeres en general.Comparar a prática alimentar e o consumo de alimentos fontes de ferro, naturais e fortificados, de mulheres em idade reprodutiva, gestantes ou não, constituiu o objetivo desta pesquisa. Estudo transversal, desenvolvido em um centro de saúde do município de São Paulo, envolvendo 61 mulheres, sendo 30 gestantes. Utilizou-se questionário de frequência de consumo alimentar e recordatório de 24h. As principais fontes naturais de ferro foram feijão e folhas verdes. Alimentos fortificados também tiveram participação importante. Houve pequena diferença estatisticamente significativa entre o consumo alimentar das gestantes e não gestantes. Observou-se inadequação do consumo de ferro, folato e cálcio nos dois grupos. As mulheres não gestantes atenderiam a demanda de ferro, considerando-se o adicional recomendado para a fortificação das farinhas, porém, as gestantes não. Há necessidade de estratégias combinadas: fortificação dos alimentos, suplementação medicamentosa para gestantes e orientação nutricional para as mulheres em geral.

  20. Consumo alimentar e gasto energético em adolescentes obesos e eutróficos Food consumption and energy expenditure in obese and non-obese adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Dayrell

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Comparar, entre adolescentes obesos e eutróficos, variáveis relacionadas ao consumo alimentar e ao gasto energético. MÉTODOS: Estudo transversal com 23 adolescentes recrutados em escolas e centros de recreação de São Paulo (SP, distribuídos em dois grupos: 11 obesos e 12 eutróficos. Foram avaliados: peso corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência da cintura, massa magra e massa gorda (estimados por bioimpedância elétrica, três recordatórios alimentares de 24 horas, estimativa do gasto energético diário a partir de três métodos (recordatórios de atividade física, fórmulas preditivas e calorimetria indireta, gasto energético de repouso e a potência aeróbia. RESULTADOS: O gasto energético diário dos obesos foi maior, porém a ingestão alimentar se assemelhou à dos eutróficos. Não foram encontradas diferenças no gasto energético de repouso entre os grupos, porém a potência aeróbia foi maior nos eutróficos. A dieta de ambos os grupos não foi considerada saudável, mas os obesos apresentaram menor consumo de vários alimentos considerados saudáveis, como hortaliças. Observou-se discrepância na análise do gasto energético diário, quando se adotaram diferentes métodos. CONCLUSÕES: Os adolescentes apresentaram padrão alimentar associado ao risco de obesidade e doenças crônicas. Mais estudos são necessários para identificar melhores métodos para avaliar seu gasto energético. É urgente a busca de estratégias de educação nutricional específicas para esse grupo etário.OBJECTIVE: To compare food consumption and energy expenditure between obese and non-obese adolescents. METHODS: This cross-sectional study comprised 23 adolescents recruited from schools and recreation centers from São Paulo (SP, Brazil, distributed in two groups: 11 obese and 12 non-obese. The following variables were analyzed: body weight, height, body mass index, waist circumference, fat and lean mass

  1. Consumo alimentar de crianças de 6 a 18 meses em creches Six to eighteen-month-old children's food intake in day-care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Glória Neumann Spinelli

    2003-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar o consumo alimentar de crianças entre 6 e 18 meses e avaliar a adequação de nutrientes. MÉTODOS: O estudo foi realizado com 106 crianças em creches do Município de São Paulo. Para verificar o consumo alimentar utilizou-se o método de pesagem direta, durante cinco dias. Para análise dos macro e micronutrientes utilizaram-se as referências Organización Mundial de la Salud 1985 e Dietary Reference Intakes 1997, e para fibras adotou-se a recomendação da American Academy of Pediatrics 1993. RESULTADOS: O estudo revelou oferta insuficiente de energia, ferro, cálcio, vitamina A e fibras. A proteína e a vitamina C excederam as recomendações. CONCLUSÃO: Nos moldes do programa atual, é necessário que a criança receba, no domicílio, uma refeição láctea e outra salgada para complementar principalmente cálcio, energia, ferro e fibras.OBJECTIVE: To verify the food intake of children from 6 to 18 months old and to evaluate nutrient adequacy. METHODS: This study was carried out with 106 children, in day-care centers from the city of São Paulo. Food intake was evaluated through food weighing during five days. The Organización Mundial de la Salud, 1985, Dietary Reference Intakes, 1997 and American Academy of Pediatrics, 1993 were used as references for the analysis of macronutrients, micronutrientes and fibers, respectively. RESULTS: The study revealed insufficient offering of energy, iron, calcium, vitamin A and fiber. Protein and vitamin C were over the recommended amounts. CONCLUSION: The children must receive one milky and one salty meal at home in order to complement food given at centers, mainly regarding, calcium, iron, energy and fiber.

  2. Consumo alimentar de beneficiários do programa Bolsa Família

    OpenAIRE

    Alan Giovanini de Oliveira Sartori

    2014-01-01

    A expansão do consumo de alimentos submetidos a elevado grau de processamento em países em desenvolvimento é notória. Em paralelo, observa-se o aumento na prevalência de excesso de peso e de comorbidades associadas. O fenômeno também tem sido observado em famílias consideradas pobres que recebem benefício financeiro de programa federal de transferência condicionada de renda. O objetivo geral foi analisar o consumo alimentar de beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF). Foi elaborado um si...

  3. Representações sobre consumo alimentar e suas implicações em inquéritos alimentares: estudo qualitativo em sujeitos submetidos à prescrição dietética Representations on food intake and its implications in nutritional investigations: qualitative study with subjects submitted to dietary prescriptions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Wanda Diez Garcia

    2004-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar e discutir o caráter flexível que emergiu nos relatos sobre consumo alimentar em estudo qualitativo para avaliar práticas alimentares de pessoas submetidas a tratamento dietético por serem hipertensas e o impacto da preocupação com a saúde nestas. Os relatos de consumo alimentar foram analisados como representações sociais e se discutiu as implicações destas em inquéritos dietéticos. MÉTODOS: Em visita domiciliar foram entrevistados 30 hipertensos, sendo 15 de baixa renda e 15 de classe média. Para obtenção de informações sobre consumo alimentar foram aplicados os métodos recordatório alimentar de 24 horas, associado à história dietética e a um questionário de freqüência alimentar, no contexto de uma entrevista em profundidade semi-estruturada. As entrevistas foram gravadas, transcritas e analisadas em seu conteúdo. RESULTADOS: Situadas entre o discurso e as práticas, as representações expressaram flutuações e contradições sobre o consumo alimentar. Tais representações foram agrupadas em categorias apresentadas como: irregularidade da presença do alimento e das compras; modo de consumo conforme o tipo de alimento; variação do número de comensais; indução das respostas provocada pela busca de informações precisas por parte do entrevistador; falta de memória do entrevistado; imprecisão e contrariedade de relatos sobre consumo alimentar; uso de noções quantitativas cujos valores de referência são particulares ao sujeito e presença de terceiros testemunhando a entrevista. A estratégia metodológica utilizada permitiu observar que há menos precisão nas informações sobre consumo alimentar do que o esperado, por serem estas representações sociais, ou seja, construções mentais da realidade. Os resultados também sugerem que a abordagem da alimentação de sujeitos submetidos à prescrição dietética por meio de inquéritos alimentares pode ser insuficiente para conhecer

  4. Consumo alimentar e fatores dieteticos envolvidos no processo saude e doenca de Nikkeis: revisao sistematica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Hitomi Tanabe

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar consumo alimentar e fatores dietéticos envolvidos no processo saúde e doença da população de nikkeis. MÉTODOS: Foi realizada revisão sistemática da literatura, com buscas nas bases de dados do Lilacs, SciELO e PubMed/Medline, referente ao período de 1997 a 2012, de estudos observacionais sobre o consumo alimentar de nikkeis. Inicialmente, foram analisados 137 títulos e resumos, sendo excluídos estudos de intervenção, aqueles que apresentavam somente níveis séricos de vitaminas e metabólitos e estudos que não contemplassem o objetivo da revisão. Desses, foram selecionados 38 estudos avaliados com base no método de Downs & Black (1998, adaptado para estudos observacionais, permanecendo 33 para análise. RESULTADOS: Foram encontrados poucos estudos sobre consumo alimentar de nikkeis fora do Havaí, dos Estados Unidos e do estado de São Paulo (principalmente em Bauru, no Brasil. Houve elevada contribuição dos lipídios no valor calórico total dos nipo-brasileiros, em detrimento dos carboidratos e das proteínas. Nos Estados Unidos, a prevalência de consumo de alimentos de alta densidade energética foi elevada em nipo-americanos. Os nisseis (filhos de imigrantes apresentaram, em média, maior consumo de produtos da dieta japonesa, enquanto os sanseis (netos de imigrantes apresentaram um perfil alimentar mais ocidentalizado. CONCLUSÕES: O consumo alimentar de nikkeis, embora ainda conservando alguns hábitos alimentares de japoneses nativos, revela alta prevalência de consumo de alimentos típicos do padrão ocidental (alimentos processados, ricos em gorduras e sódio e pobres em fibras, que pode estar contribuindo para o aumento de doenças crônicas nessa população.

  5. CONSUMO ALIMENTAR, PERFIL ANTROPOMÉTRICO E CONHECIMENTOS EM NUTRIÇÃO DE CORREDORES DE RUA

    OpenAIRE

    Ferreira, Vanessa Roriz; Bento, Ana Paula Nunes; Silva, Mara Reis

    2015-01-01

    Introdução A nutrição esportiva e a composição corporal são fatores importantes para o desempenho de atividades esportivas. A corrida de rua se popularizou no mundo, especialmente na última década. Os corredores de rua devem consumir uma dieta nutricionalmente adequada e ter conhecimento sobre nutrição para manter um perfil nutricional adequado. Objetivo Avaliar a adequação dietética, o perfil antropométrico e os conhecimentos em nutrição de corredores de rua. Métodos Os corredores adultos ...

  6. Estado nutricional, consumo alimentar e risco cardiovascular: um estudo em universitários Nutritional status, food consumption and cardiovascular risk: a study on university students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina de Moraes Vasconcelos Petribú

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a proporção de fatores de risco para doenças cardiovasculares, dando ênfase aos fatores nutricionais, em alunos da área de saúde de uma universidade pública do Recife. MÉTODOS: Foram avaliados 250 estudantes por um questionário que abordou aspectos biossociais, dados sobre estilo de vida, história familiar para doenças cardiovasculares, variáveis antropométricas e consumo alimentar, avaliado pelo Recordatório de 24horas. RESULTADOS: Foi encontrada a seguinte freqüência para os fatores de risco analisados: tabagismo (2,8%, sedentarismo (41,7%, excesso de peso (35,5% e 5,3% nos sexos masculino e feminino, respectivamente pOBJECTIVE: This study aimed to describe the proportion of risk factors for cardiovascular diseases, emphasizing nutritional factors, among health students from a public university in Recife, Brazil. METHODS: Two hundred and fifty students were assessed through a questionnaire that addressed biosocial aspects, lifestyle data, family history for cardiovascular diseases, anthropometric variables and food consumption determined by the 24-hour recall. RESULTS: The following rates were found for the assessed risk factors: smoking (2.8%, inactivity (41.7%, overweight (35.5% among men and 5.3% among women, p<0,01, family history of hypertension (35.5%, diabetes (11.3%, obesity (20.2% and death of close relatives before age 50 due to cardiovascular diseases (14.8%. Regarding food consumption, a high percentage of individuals had inappropriate energy intake and a low percentage had inappropriate protein and carbohydrate intakes. Regarding the fat profile of the diet, more than 40.0% of the students consumed more cholesterol than the recommended levels and 17.9% of the men and 44.8% of the women consumed high amounts of saturated fat (p<0.01. The consumption of linoleic acid and monounsaturated and polyunsaturated fatty acids was inadequate in more than 95% of the individuals under study. CONCLUSION: The

  7. Mortalidade por câncer de cólon e reto e consumo alimentar em capitais brasileiras selecionadas Colorectal cancer mortality and diet patterns in selected Brazilian State capitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabrícia Junqueira das Neves

    2006-03-01

    Full Text Available As taxas de mortalidade por câncer de cólon e reto mostram uma variação regional no Brasil e a heterogeneidade do padrão alimentar nas suas regiões geográficas poderia possivelmente explicar, pelo menos em parte, essas diferenças. Um estudo ecológico foi realizado com o objetivo de identificar possíveis associações entre padrões de consumo alimentar e taxas de mortalidade padronizadas por idade em capitais brasileiras selecionadas. O padrão de consumo alimentar em cada capital foi caracterizado com base no consumo de grupos de alimentos associados a essa neoplasia na literatura. Os dados de consumo de alimentos foram obtidos no ENDEF (Estudo Nacional de Despesas Familiares. A regressão linear múltipla foi utilizada para analisar as correlações entre as taxas de mortalidade e as variáveis alimentares. Essas taxas mostraram uma correlação positiva com o consumo de calorias, cereais, carnes, ovos/leite e legumes/frutas. Quando ajustado por consumo calórico total, carne e legumes/frutas foram as únicas variáveis que mantiveram uma correlação positiva. O modelo multivariado final com essas variáveis foi capaz de explicar 92% da variação das taxas de mortalidade nas capitais selecionadas. Esses resultados sugerem que diferenças no consumo calórico total e no consumo de carne e legumes/frutas poderiam explicar, parcialmente, os diferentes padrões de distribuição da mortalidade por câncer de cólon e reto no Brasil.Mortality rates for colorectal cancer show regional variations in Brazil, and the heterogeneous dietary profile observed in its geographic regions could possibly explain, at least partially, these different patterns. An ecological study was conducted to identify possible associations between dietary consumption profiles and age-standardized mortality rates for colorectal cancer in selected state capitals. The dietary profile in each capital was characterized on the basis of the consumption of groups of foods

  8. Consumo alimentar de população adulta residente em área rural da cidade de Ibatiba (ES, Brasil Consumption to feed of resident adult population in rural area of the city of Ibatiba (ES, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilaine Oliveira Carvalho

    2011-01-01

    Full Text Available Trata-se de um estudo transversal no qual foi aplicado um questionário de frequência alimentar (QFCA em 150 adultos residentes em área rural da cidade de Ibatiba (ES. O QFCA classificou o consumo alimentar como: habitual (> 4 vezes na semana, não habitual (It is a transverse study where a questionnaire of alimentary frequency was applied (QAF in 150 adults resident of the rural area of the city of Ibatiba (ES, Brazil. QAF classified the alimentary consumption as: habitual (> 4 times in the week, not habitual (<4 times in the week and rarely (1 time a month, with objective of correlating the alimentary consumption with the chronic-degenerative diseases. The results evidenced a habitual consumption of rice, breads, stalk, bean, cow milk, animal fat, margarine, sugar and coffee, and a non habitual consumption of cake, potato, cookies, manioc, sweet potato, chayote, carrot, beet, pumpkin, juice of fruits, banana, orange, guava, mango and tangerine. It can be concluded that the feeding habit presented by the studied population it can come to increase in a medium or long period the prevalence and occurrences of chronic-degenerative diseases as hypertension, diabetes, obesity and coronary diseases. The alimentary consumption of this population needs concern, because when compared with the national patterns, it is observed some inadequacies, and it is known that this picture comes to every day causing damages the public health.

  9. Validade das estimativas de ingestão energética de três métodos de avaliação do consumo alimentar, em relação à água duplamente marcada

    OpenAIRE

    Fernanda Baeza Scagliusi

    2007-01-01

    O gasto energético total (GET) pode ser usado como medida da ingestão energética (IE). Existe um constante sub-relato da IE obtida por métodos de avaliação do consumo alimentar, mas poucos estudos o investigaram em nações em desenvolvimento. Objetivos: a) comparar a validade das estimativas de IE de um questionário de freqüência alimentar, três recordatórios alimentares e um diário alimentar de três dias, segundo a água duplamente marcada; b) determinar a influência da prática de atividade fí...

  10. Associação entre consumo alimentar e (insegurança alimentar e nutricional em São José dos Ramos - PB Association between consumption and food (insecurity in food and nutrition of São José dos Ramos - PB

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleyton Cézar Souto Silva

    2012-05-01

    Full Text Available A prevalência de insegurança alimentar é importante para a avaliação das condições de vida e para o planejamento de políticas públicas de combate à fome. A pesquisa foi realizada com 177 famílias de São José dos Ramos-PB, no ano de 2005, por meio de entrevista. A análise dos dados, por regressão logística e ODDS RATIO, utilizou como variável dependente estar ou não em segurança alimentar, avaliação resultante da aplicação da EBIA; e, como variável independente dicotômica, o consumo de 15 conjuntos de alimentos. O modelo em regressão logística e o odds ratio mostraram associação de leite integral, manteiga, biscoito, bolacha e bolo com a segurança alimentar. Contudo, deve-se levar em consideração o conceito ampliado de Segurança Alimentar e Nutricional, que enfatiza outros fatores relevantes além do consumo alimentar, como a disponibilidade de alimento, que se incorpora às condições de renda e padrão de vida.The prevalence of food insecurity is important for the assessment of the conditions of life and planning of public policies for combating hunger. The survey was conducted with 177 families of São José dos Ramos, in the year 2005, through interview. Data analysis, through logistics regression and ODDS RATIO, used as the dependent variable is in food safety assessment resulting from the application of EBIA, and as a variable dichotomic-independent consumption of 15 sets of food. The regression model Logistics and the odds ration of Association showed whole milk; butter, biscuit, cracker, cake with food safety. However you should take into consideration the expanded concept food and nutritional security that emphasizes other relevant factors beyond the food consumption as food availability, which incorporates income conditions and standard of living.

  11. Modernidade alimentar e consumo de alimentos: contribuições sócio-antropológicas para a pesquisa em nutrição Dietary modernity and food consumption: socio-anthropological contributions to research in nutrition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Brasil Fonseca

    2011-09-01

    Full Text Available Este trabalho buscou apresentar o que a modernidade alimentar representa para a sociologia e a antropologia, questão que é discutida a partir de revisão bibliográfica. Considera-se inicialmente a presença do tema alimentação nos estudos das ciências sociais, enfocando-se as abordagens relacionadas à modernidade alimentar, especialmente o trabalho de Claude Fischler. Privilegiou-se o registro das questões relacionadas à alimentação e às mudanças no mundo do trabalho, ampliação do comércio, feminização da sociedade e a questão das identidades. Ao compreender o fenômeno alimentar e o seu consumo em uma abordagem mais qualitativa pode-se avançar na construção das ciências nutricionais, privilegiando-se uma abordagem compreensiva sobre o alimento e a alimentação nos dias atuais. Como recomendação os estudos atuais devem se dedicar à investigação do consumo alimentar como um fenômeno social para que se agreguem novos componentes analíticos ao conjunto de resultados com o enfoque biomédico.The scope of this work was to illustrate what dietary modernity represents for sociology and anthropology, which is a subject based on a bibliographic review that is discussed in this article. Initially, the presence of the theme of food and nutrition was assessed in studies in the social sciences, by focusing on the approaches related to dietary modernity, especially as found in the works of Claude Fischler. The main subjects of discussion were related to food and nutrition and changes in the work environment, the expansion of commerce, the feminization of society and the question of identity. By understanding the food phenomenon and consumption thereof using a more qualitative approach, it is possible to make progress in configuring the nutritional sciences, adopting a comprehensive approach to food and nutrition in this day and age. Future studies should be dedicated to investigating food consumption as a social phenomenon in

  12. Associação entre medidas antropométricas, de composição corporal, bioquímicas e de consumo alimentar em indivíduos com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila de Oliveira Ramos

    2013-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a associação entre medidas antropométricas, de composição corporal, bioquímicas e de consumo alimentar em indivíduos com excesso de peso. Métodos: Estudo do tipo transversal, com amostra de conveniência composta por 31 indivíduos, com idade entre 19 e 59 anos. Foram realizadas avaliações antropométricas, bioquímicas e análise da composição da dieta. Após, foi calculado o índice de qualidade da dieta (IQD. Na análise estatística, o teste de Shapiro-Wilk verificou a distribuição das variáveis, Wilcoxon-Mann- Whitney-U as diferenças entre as variáveis e correlação de Spearman/Pearson rastreou a associação entre os valores. Foi adotado um p com 5% de probabilidade. Resultados: A análise da composição da dieta permitiu observar uma média de consumo acima das Dietary Reference Intakes para carboidrato (323,31±33,11g, proteína (80,15±29,84g, lipídeo (77,42±31,87g e sódio (2896,99±1119,05mg. Os valores para o IQD variaram entre 2 e 12 pontos, apresentando valor médio de 6,5±2,2. Foram encontradas correlações entre IQD e prega cutânea suprailíaca, colesterol total, e LDL-c (mg/dL, dentre outras. Conclusão: A amostra estudada apresentou um perfil de ingestão alimentar composto por alimentos ricos em carboidratos, lipídeos e sódio. A elevada média da pontuação do IQD (dieta pobre reflete a importância de medidas de intervenção visando à melhoria do padrão alimentar desses indivíduos.

  13. Hábitos alimentares entre funcionários de banco estatal: padrão de consumo alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Maria de Jesus Mendes da

    1999-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar as condições de saúde dos funcionários de um banco estatal, no Estado do Rio de Janeiro, realizou-se estudo seccional em dois setores do banco, através de amostragem sistemática. Entre as condições de saúde, o perfil dos hábitos alimentares foi investigado mediante questionário de freqüência de consumo de grupos de alimentos, analisado por meio de medida-resumo (escore alimentar. Embora a maior parte da população apresente bons hábitos alimentares, os resultados confirmaram grande diferença entre os sexos: cerca de 60% dos homens apresentaram escores maiores do que a média da população (51,2, comparados a 45% das mulheres. Além disso, foi possível verificar que os homens, principalmente os mais jovens, consomem maior quantidade de alimentos com gordura saturada, sal ou açúcar, quando comparados às mulheres. Os achados indicam que a qualidade da dieta junto a outros hábitos e comportamentos, como tabagismo e sedentarismo, devem fazer parte de programas de promoção da saúde no ambiente de trabalho, visando controlar as doenças cardiovasculares e outros agravos.

  14. Escolhas alimentares e comportamento de consumo

    OpenAIRE

    Mazzonetto, Ana Cláudia

    2012-01-01

    Dissertação [mesterado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Nutrição A criança é reconhecida como consumidor pela possibilidade de fazer escolhas e realizar compras independentes e também por direcionar as escolhas dos pais, direta ou indiretamente. Estudos mostram que as crianças gastam dinheiro próprio com doces, chocolates, bebidas açucaradas, salgadinhos de pacote e outros petiscos; assim como influenciam seus pais a adqui...

  15. Consumo alimentar de escolares das redes pública e privada de ensino em São Luís, Maranhão Food consumption of schoolchildren from private and public schools of São Luis, Maranhão, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sueli Ismael Oliveira da Conceição

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar de 570 escolares de 9 a 16 anos das redes pública e privada de ensino, em São Luís (MA, matriculados da 4ª à 8ª séries, em 2005. MÉTODOS: Os dados de consumo alimentar foram coletados por meio de Inquérito Alimentar Recordatório de 24 horas. O consumo de energia, macronutrientes, vitamina A, vitamina C, ferro e cálcio foram comparados às Dietary Reference Intakes. Considerou-se o número de vezes em que os alimentos apareceram na dieta e o seu agrupamento foi feito de acordo com a proposta da Pirâmide Alimentar Brasileira. O teste do qui-quadrado foi utilizado na análise estatística. RESULTADOS: O baixo consumo de alimentos embutidos (em torno de 6%, o adequado consumo de carnes e ovos (95,9% e a baixa omissão do desjejum (3,2%, almoço (2,2% e jantar (3,1% foram aspectos favoráveis da dieta. Por outro lado, elevado consumo de biscoitos (52,6%, baixo consumo de frutas (52,6% e hortaliças (34,4%, elevado consumo de açúcares e doces (69,4%, óleos e gorduras (65,6%, além do consumo de refrigerantes (25,8% e sucos industrializados (35,8% ter sido maior do que o consumo de sucos naturais (23,4% foram aspectos negativos da dieta. Observou-se consumo insuficiente de energia em 66,3% dos escolares, de lipídeos em 30,2%, de vitamina A em 28,7%, de vitamina C em 59,2% e cálcio em 98,8%. CONCLUSÃO: Estratégias educativas para assegurar a formação de hábitos alimentares saudáveis devem abranger conteúdos comuns e específicos, refletindo diferenças no consumo alimentar de alunos das escolas públicas e privadas.OBJECTIVE: This study assessed the food consumption of 570 students aged 9-16 years, in grades 4-8 in 2005, from public and private schools of São Luís, Maranhão, Brazil. METHODS: Food consumption was determined by the 24-hour recall. Energy, macronutrient, vitamins A and C, iron and calcium intakes were compared with the Dietary Reference Intakes. The number of times each food

  16. Prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliação do consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Yhang da Costa Silva

    2016-09-01

    Full Text Available Objetivo: Verificar a prevalência de compulsão alimentar periódica e avaliar o consumo alimentar de indivíduos com excesso de peso. Métodos: Trata-se de um estudo observacional, de caráter transversal, realizado com pacientes com IMC igual ou superior a 25Kg/m2, pertencentes à faixa etária de 20 a 59 anos, atendidos nas duas Unidades de Saúde da Família do centro da cidade de Quixeré-CE. A amostra consistiu de 100 pessoas. Foi realizada uma entrevista para triagem da compulsão alimentar periódica. Os participantes responderam a um questionário sobre aspectos socioeconômicos, foram submetidos a uma avaliação antropométrica (peso, altura e a ingestão alimentar foi avaliada com base em dois recordatórios alimentares. Resultados: Entre os entrevistados, 3% foram diagnosticados com CAP grave, 20% com CAP moderada e 77% não tinham Compulsão Alimentar Periódica. Pacientes com graus mais elevados de CAP apresentaram-se com maior excesso ponderal (p=0,03. Os entrevistados com a compulsão moderada e grave, em comparação àqueles sem CAP, mostraram ter um consumo alimentar maior e em desequilíbrio, em se tratando de qualidade de consumo alimentar, para calorias e fibras (p=0,000 e p=0,047, respectivamente. Conclusão: Um terço dos participantes apresentou algum grau de compulsão alimentar, relacionado com alteração de estado nutricional, destacando que os participantes com compulsão alimentar periódica moderada e grave apresentaram um padrão alimentar com mais calorias e menos fibra.

  17. Consumo alimentar e ecologia de populações ribeirinhas em dois ecossistemas amazônicos: um estudo comparativo Food intake and ecology of riverine populations in two Amazonian ecosystems: a comparative analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rui Sérgio Sereni Murrieta

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este artigo analisa e compara os dados de consumo alimentar de duas populações ribeirinhas da Amazônia vivendo em ecossistemas contrastantes de floresta tropical: a várzea estacional e a floresta de terra firme. MÉTODOS: Foi estudado o consumo alimentar de 11 unidades domésticas na várzea (Ilha de Ituqui, Município de Santarém e 17 na terra firme (Floresta Nacional de Caxiuanã, Municípios de Melgaço e Portel. O método utilizado foi o recordatório de 24 horas. As análises estatísticas foram executadas com o auxílio do programa Statistical Package for Social Sciences 12.0. RESULTADOS: Em ambos os ecossistemas, os resultados confirmam a centralidade do pescado e da mandioca na dieta local. Porém, a contribuição de outros itens alimentares secundários, tais como o açaí (em Caxiuanã e o leite in natura (em Ituqui, também foi significante. Além disso, o açúcar revelou ser uma fonte de energia confiável para enfrentar as flutuações sazonais dos recursos naturais. Parece haver ainda uma maior contribuição energética dos peixes para a dieta de Ituqui, provavelmente em função da maior produtividade dos rios e lagos da várzea em relação à terra firme. Por fim, Ituqui revelou uma maior dependência de itens alimentares comprados, enquanto Caxiuanã mostrou estar ainda bastante vinculada à agricultura e às redes locais de troca. CONCLUSÃO: Além dos resultados confirmarem a importância do pescado e da mandioca, também mostraram que produtos industrializados, como o açúcar, têm um papel importante nas dietas, podendo apontar para tendências no consumo alimentar relacionadas com a atual transição nutricional e com a erosão, em diferentes níveis, dos sistemas de subsistência locais.OBJECTIVE: This article analyses and compares data on household food intake of two Amazonian riverine populations settled in different rain forest ecosystems: terra firme (land not subject to annual flooding forest and

  18. Associação entre diagnóstico de síndrome de ovários policísticos, estado nutricional e consumo alimentar em mulheres em idade fértil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiula Aparecida Brugge

    2017-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi comparar parâmetros da síndrome pré-menstrual (SPM de mulheres em idade fértil com e sem diagnóstico de SOP. Estudo transversal realizado por meio de um questionário contendo informações sociodemográficas, sintomas relacionados à SPM, dados antropométricos, de consumo alimentar e do diagnóstico clínico dicotomizado de SOP. Os resultados foram tabulados no Microsoft Excel® no programa estatístico SPSS 20.0. A pesquisa contou com a participação de 42 universitárias, selecionadas aleatoriamente, com idade média observada de 25,29 ± 6,56 anos. De acordo com o Índice de Massa Corporal 71,4% (n=30 estavam eutróficas. Quanto a presença de diagnóstico de SOP 50% (9n=21 apresentavam a síndrome e 71,4% (n=30 destas relataram utilizar contraceptivo oral. Observa-se no estudo, significância estatística (p<0,05 entre a insatisfação da imagem corporal das universitárias com e sem SOP, sendo esta insatisfação maior entre as que não possuem SOP. Durante o período menstrual observou-se maior consumo de cereais (95,5%, gorduras (71,4% e chocolates (52,4% pelas participantes que apresentam a SOP e de cereais (90,5%, hortaliças (66,7% e gorduras (61,9% consumidos pelas universitárias sem SOP. Nota-se relação positiva na presença de sintomas comuns na SOP que produz depressão, instabilidade emocional, dificuldade de concentração, dores de cabeça, edema e aumento de sono. Além de um maior consumo de alimentos mais calóricos especialmente o chocolate. ABSTRACT Association between polycystic ovary syndrome diagnosis, nutritional status and food consumption in fertile age women The aim of the study was to compare parameters of premenstrual syndrome (PMS in women of childbearing age with and without a diagnosis of PCOS. Cross-sectional study using a questionnaire containing demographic information, symptoms related to PMS, anthropometric data, food consumption and dichotomized clinical diagnosis of

  19. Escores de consumo alimentar e níveis lipêmicos em população de São Paulo, Brasil Food consumption scores and serum lipids levels in the population of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélida Schmid de Fornés

    2002-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o padrão de consumo alimentar avaliado por meio de escores de consumo e relacionar esses escores com os níveis de colesterol total e de lipoproteínas de baixa e alta densidades em população da área metropolitana de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado no município de Cotia, São Paulo, em amostra representativa de 1.045 adultos, foram determinados níveis de lipídeos séricos e a ingestão de alimentos por meio da freqüência de consumo alimentar. Foram utilizados escores de padrão de consumo, estabelecendo um peso para cada categoria de consumo baseado na freqüência anual, obtendo-se, assim, a distribuição quintilar do escore I (alimentos considerados de risco para doenças cardiovasculares e escore II (alimentos protetores. Foram comparados os valores médios das lipoproteínas para cada um dos quintis pela análise de variância, e foram verificadas possíveis relações entre os escores de consumo e as frações de lipídeos séricos, mediante modelos de regressão linear múltipla (stepwise forward. RESULTADOS: Observou-se aumento significativo dos níveis médios de lipídeos, segundo quintis de consumo do escore I para colesterol total e para lipoproteína de baixa densidade-colesterol, e constatou-se um comportamento inverso e significativo dos níveis desses lipídeos séricos em relação ao escore II. O escore I correlacionou-se positivamente e significativamente a esses lipídeos, e o escore II apresentou correlação inversa e significativa com esses constituintes sangüíneos. CONCLUSÕES: Em estudos populacionais, a análise da freqüência de consumo de alimentos por meio de escores pode ser um método de escolha para avaliar qualidade de dieta e de seu potencial efeito nos níveis séricos de colesterol total e de lipoproteínas de baixa densidade.OBJECTIVE: To study food patterns assessed using scores of consumption and their relationship with serum total cholesterol (TOTAL-C, low

  20. Validação de fotografias de alimentos para estimativa do consumo alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rávila Graziany Machado de SOUZA

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Validar fotografias de um guia fotográfico de alimentos para estimativa do consumo alimentar. Métodos As fotografias de 12 alimentos (bolo simples, macarrão ao sugo, mamão formosa, melancia, repolho roxo ralado, quiabo refogado, churrasco em tiras, filé de frango grelhado, pudim de leite condensado, pizza, amendoim cru e queijo tipo minas, retratadas em três tamanhos de porções (pequena, média e grande, foram avaliadas por 90 indivíduos adultos. Foram também investigados o peso, a estatura e o sexo dos participantes. Para análise de concordância entre o tamanho da porção do alimento retratado nas fotos e o tamanho real do alimento, utilizou-se o teste Kappa. Os dados foram analisados no software Stata, considerando-se p 0,05. Conclusão As 12 fotografias apresentaram uma boa concordância com as porções dos alimentos e podem ser um instrumento útil para aumentar a acurácia dos relatos do consumo alimentar.

  1. O consumo alimentar de gestantes adolescentes no Município do Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barros Denise Cavalcante de

    2004-01-01

    Full Text Available O crescimento da gravidez na adolescência é visto com preocupação pela área de saúde pública. O consumo de alimentos que atendam a alta demanda de nutrientes durante a gestação tem sido identificado como um componente relevante. O objetivo do estudo foi conhecer o consumo habitual dos alimentos e de energia e nutrientes entre gestantes adolescentes. Foram entrevistadas 1.180 mães adolescentes em maternidades do Município de Rio de Janeiro e aplicado um Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar semiquantitativo simplificado. Os alimentos referidos por pelo menos 50% delas foram arroz, açúcar, manteiga, pão, feijão, leite, refrigerante, sucos, legumes e laranja. Observa-se um menor consumo de sucos, legumes e frutas entre as menores de 15 anos. No primeiro quartil de consumo, a ingestão mínima recomendada de energia, ferro, folato, vitamina C e cálcio não foi alcançada. Encontrou-se uma associação inversa entre o número de pessoas no domicílio e o consumo de energia e nutrientes. O relato de informação sobre alimentação no pré-natal e a informação de mudança de alimentação durante a gravidez esteve associado a um melhor consumo de energia e nutrientes. A atenção pré-natal mostrou-se como um cuidado fundamental para melhores resultados na gestação.

  2. Prevalência de consumo alimentar entre hipertensos e diabéticos na cidade de Nova Boa Vista, Rio Grande do Sul, Brasil, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelli Destri

    Full Text Available Resumo OBJETIVO: descrever o consumo alimentar em uma população de hipertensos e diabéticos de uma cidade do sul do Brasil. MÉTODOS: estudo transversal descritivo, realizado na cidade de Nova Boa Vista-RS, Brasil, entre junho e setembro de 2013; dados sobre consumo alimentar foram coletados utilizando-se o questionário do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN, a adequação foi baseada no Guia Alimentar para a População Brasileira de 2008. RESULTADOS: foram incluídos 422 participantes (≥18 anos de idade; os alimentos que tiveram maior frequência de consumo recomendada foram salada crua (60,7%, frutas (73,0%, lácteos (61,4%, frituras (57,3%, salgados (66,4% e refrigerantes (76,3%; embutidos e doces foram os alimentos que tiveram maior frequência de consumo não recomendado, 34,8% e 23,9% respectivamente; a prevalência de consumo semanal recomendado de frutas foi 19% maior entre mulheres (p=0,004. CONCLUSÃO: o consumo alimentar na população do estudo parece estar de acordo com as frequências recomendadas, especialmente entre mulheres.

  3. Influência do consumo alimentar e uso de suplementos no desempenho de paratletas brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rangel Barboza

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:Atletas de halterofilismo buscam aumentar sua força em relação ao peso corporal utilizando treinamento resistido e a nutrição como ferramentas para melhorar o desempenho. Apesar dos benefícios proporcionados por um adequado planejamento alimentar, muitos atletas utilizam estratégias inadequadas, manifestadas pela piora na composição corporal e no desempenho esportivo.Objetivo:Analisar o consumo energético e proteico e o uso de suplementos alimentares de paratletas a fim de avaliar a influência da estratégia dietética no desempenho.Métodos:Foram coletados dados pessoais, medidas antropométricas, informações referentes ao comportamento alimentar e da competição de 24 paratletas halterofilistas do sexo masculino.Resultados:A quantidade de calorias e as porções de macronutrientes consumidas pela alimentação foram em média 2.235,8 ± 694,92 kcal, 27 ± 11,55% proteínas, 46 ± 8,17% carboidratos e 27 ± 8,57% lipídeos. Dos atletas estudados, 87,5% relataram utilizar suplementos alimentares. Os atletas com maior índice de massa corporal (IMC apresentaram menor ingestão energética e proteica relativa, maior somatório de dobras cutâneas e desempenho similar a dos demais estudados.Conclusão:A estratégia utilizada pelos atletas de maior massa corporal não propiciou melhoria direta no desempenho e influen-ciou negativamente na composição corporal. Este fato deve-se provavelmente à falta de adequação entre dieta e suplementação.

  4. Itens alimentares no consumo alimentar de crianças de 7 a 10 anos Food items in the food intake of children aged seven to ten years

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia de Fragas Hinnigi

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever os itens alimentares mais representativos para o consumo total de energia, carboidratos, proteínas e lipídios de crianças de 7 a 10 anos. MÉTODOS: Elaborou-se uma lista com todos os alimentos consumidos com suas respectivas quantidades e quantificou-se a composição da dieta em energia e macronutrientes. A lista foi baseada em informações fornecidas pelo preenchimento de três Diários Alimentares (DA por 85 escolares de 7 a 10 anos que frequentavam uma escola pública na cidade de São Paulo. Obteve-se o agrupamento dos alimentos em 129 itens, calculou-se o percentual de contribuição de cada item no consumo alimentar dos nutrientes e identificaram-se aqueles que contribuíram com até 95% da ingestão total de calorias e dos nutrientes selecionados. RESULTADOS: Os itens "Arroz branco, arroz à grega, arroz com legumes" e "Feijão marrom, preto, branco, lentilha" contribuíram de forma importante para o consumo de energia e carboidratos. O item "Leite integral fluido, leite integral em pó" foi representativo para o consumo de lipídios, além de proteínas e energia. Ressalta-se a importância no consumo em energia e carboidratos das bebidas doces (refrigerantes e sucos industrializados na dieta deste grupo populacional. CONCLUSÕES: É evidente a participação do arroz no consumo alimentar total de energia e carboidratos; do feijão em energia, carboidratos e proteínas; do leite em energia, proteínas e lipídios; carnes em energia, proteínas e lipídios; e pão em energia e carboidratos. Merece destaque a participação das bebidas doces no consumo total de energia e carboidratos e das guloseimas no consumo total de lipídios.OBJECTIVE: To describe the most representative food items regarding the total intake of energy, carbohydrates, proteins and lipids in children with ages between 7 and 10 years. METHODS: A list was prepared with all food intake and quantities, and the diet composition in relation to energy

  5. Associação entre comportamento alimentar, consumo de cigarro, drogas e episódios depressivos em adolescentes Association between eating behavior and smoking, use of illicit drugs and depressive episodes in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliany Piazzon Gomes

    2010-10-01

    Full Text Available Objetivo Identificar a prevalência de sintomas de transtornos alimentares em estudantes do sexo feminino matriculadas no ensino fundamental da rede estadual do município de Toledo (PR, bem como relacionar esses sintomas com o hábito de fumar, o uso de drogas e episódios depressivos. Métodos Foram utilizados os instrumentos Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo, com escala de sintoma e gravidade, e o Eating Attitudes Test-26, acrescido de perguntas sobre tabagismo, uso de drogas e episódios depressivos. A amostra constituiu-se de cerca de 300 estudantes do sexo feminino, na faixa etária entre 10 e 15 anos. Resultados Os resultados demonstraram que as estudantes apresentaram prevalências de sintomas de transtornos alimentares na ordem de 4,2% para a escala Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo e 3,6% para o Eating Attitudes Test-26. A prevalência de consumo de cigarro foi de 4,2%, do uso de drogas, 4,9% e de episódios depressivos, 10,7%. Observaram-se associações significativas entre episódios depressivos e os seguintes parâmetros: Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de sintomas (p=0,04 e Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de gravidade (p=0,02. Os hábitos de fumar (p=0,01 e de usar drogas (p=0,04 também apresentaram associação com Teste de Investigação Bulímica de Edimburgo - escala de sintomas. Conclusão Verificou-se nas estudantes deste estudo elevada probabilidade de desenvolver comportamentos de risco, tais como transtornos alimentares e episódios depressivos.Objective The goal of this study was to identify the prevalence of symptoms of eating disorders in female students enrolled in state elementary schools and investigate a possible association between these eating disorders and smoking, illicit drug use and depressive episodes. Methods The Bulimic Investigatory Test of Edinburgh with symptom and severity scales and the Eating Attitudes Test - 26 with

  6. Avaliação da composição corporal e do consumo alimentar de nadadores adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Veroneze de Mello

    2015-10-01

    Full Text Available RESUMOIntrodução:A composição corporal e a alimentação de nadadores têm influência direta em seu desem-penho esportivo. Objetivo: Avaliar a composição corporal e o consumo alimentar de nadadores adolescentes.Métodos:Estudo transversal realizado com 15 nadadores adolescentes, de ambos os sexos, de um clube de São Paulo, Brasil. Aplicou-se um questionário de identificação e houve aferição de peso, estatura, circunferências corporais e dobras cutâneas. Para a avaliação do consumo alimentar foi aplicado um recordatório de 24 horas.Resultados:A maioria dos atletas apresentou percentual de gordura corporal adequado. Houve ingestão de suplementos alimentares por todos os nadadores. Observou-se elevado consumo de proteínas e baixa ingestão de carboidratos. As maiores prevalências de inadequação de micronutrientes foram para vitamina B9, iodo e cálcio.Conclusão:Os resultados sugerem a necessidade de intervenção nutricional nesse grupo de atletas.

  7. Consumo e fermentação ruminal de proteínas em função de suplementação alimentar energética e protéica em novilhos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Barbosa Natália Guarino Souza

    2001-01-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar o efeito de suplementação energética sobre o consumo e a fermentação ruminal de proteínas em dois níveis de proteína dietética (6 e 20%. Quatro novilhos mestiços fistulados no rúmen foram utilizados em um quadrado latino e os tratamentos arranjados em um fatorial 2 × 2, em que as dietas testadas constituíram-se de: A. só feno; B. feno + 2,8 kg de farelo de soja; C. feno + 2,8 kg de fubá de milho; e D. feno + 2,8 kg de farelo de soja + 2,8 kg de fubá de milho. Foram realizados quatro períodos experimentais constituídos de 18 dias, sendo sete dias para adaptação dos animais, sete dias para determinação do consumo de matéria seca e quatro dias para coleta de amostras. As coletas foram feitas através de fístula ruminal nos tempos zero, dois, quatro e seis horas após a alimentação, sendo utilizadas para determinações das concentrações de amônia, pH e AGV do líquido ruminal. Não houve interações entre o fubá de milho e o farelo de soja, assim como não ocorreu efeito do tempo de coleta sobre os parâmetros estudados. O farelo de soja reduziu a relação acetato:propionato (A:P em 13%, aumentou o consumo de matéria seca total (CMSt em 41,2%, sem alterar o consumo de forragem e o pH, e aumentou as concentrações de amônia (790%, propionato (48%, AGV total (39%, isobutirato (165%, isovalerato (208% e valerato (201%. O fubá de milho não afetou a fermentação de proteína, embora tenha causado aumento no CMSt (35% e decréscimo no pH ruminal (6% e na relação A:P (18%.

  8. Test post-weaning duration for performance, feed intake and feed efficiency in Nellore cattle Duração do período de avaliação pós-desmame para medidas de desempenho, consumo e eficiência alimentar em bovinos da raça Nelore

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Michel de Castilhos

    2011-02-01

    Full Text Available This study was conducted to determine optimum test duration for measuring performance, feed intake and feed efficiency. Sixty young Nellore bulls were submitted to feeding performance test and fed in individual pens to determine feed intake and performance over 112 days. Body weight was determined every 28 days, after fasting of water and feed for 16 hours. Changes in variance, relative variance and Pearson and Spearman correlations among data from shortened test periods (28, 56 and 84 days and full test period (112 days were used to determine optimum test duration. Test duration for average daily gain, dry matter intake, feed:gain ratio and residual feed intake could be shortened to 84, 28, 84 and 84 days, respectively, without reducing significantly the reliability of measurements for animals fed in individual pens.O objetivo neste estudo foi determinar o melhor período de avaliação para medidas de desempenho, consumo e eficiência alimentar. Durante 112 dias, 60 machos da raça Nelore, recém-desmamados, submetidos à prova de ganho de peso, foram alimentados em baias individuais para determinação do consumo alimentar e do desempenho. O peso corporal dos animais foi determinado a cada 28 dias, depois de jejum de 16 horas de líquidos e sólidos. As alterações na variância, variância relativa e correlações de Pearson e Spearman entre os dados dos períodos de avaliação reduzidos (28, 56 e 84 dias e período total (112 dias foram usados para determinar a melhor duração do período de avaliação. A duração do período de avaliação para ganho médio diário, consumo de matéria seca, conversão alimentar e consumo alimentar residual pode ser reduzida para 84, 28, 84 e 84 dias, respectivamente, pois tal redução não diminui significativamente a confiabilidade das avaliações em animais alimentados em baias individuais.

  9. Avaliação nutricional e consumo alimentar de pacientes com doença celíaca com e sem transgressão alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiana Santos Andreoli

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a ingestão de energia e de macronutrientes de pacientes com diagnóstico de doença celíaca que transgrediam ou não a dieta isenta de glúten. MÉTODOS: Foram estudados 63 pacientes com doença celíaca: 34 crianças e 29 adolescentes. Transgressão à dieta isenta de glúten foi caracterizada por meio da dosagem sérica do anticorpo antitransglutaminase tissular recombiante humana. O estado nutricional foi avaliado com base nos escores-Z de peso/idade, estatura/idade e no índice de massa corporal. A ingestão alimentar foi avaliada por meio do inquérito alimentar de 24 horas. RESULTADOS: A transgressão à dieta sem glúten foi constatada em 41,2% das crianças e em 34,5% dos adolescentes. Nas crianças com transgressão alimentar, a média do escore-Z de estatura/idade foi inferior à das crianças do grupo que não transgredia (p=0,024. Todavia, o grupo com transgressão apresentou maior escore-Z do índice de massa corporal em relação aos que não transgrediam (p=0,021. Os adolescentes que não transgrediam apresentaram maior índice de massa corporal quando comparados aos que transgrediam a dieta (p=0,037. Em relação à ingestão alimentar, não se observou diferença estatística entre os grupos. Todavia, cerca de 70,0% das crianças e adolescentes apresentaram consumo de energia acima de 120,0% da recomendação. CONCLUSÃO: As crianças que transgrediam a dieta apresentaram menor escore-Z de estatura/idade e maior escore-Z para índice de massa corporal do que crianças que seguem sem transgressões alimentares. Os adolescentes que não transgrediam a dieta apresentaram maior média de índice de massa corporal quando comparados aos que transgrediam a dieta. Consumo energético elevado foi observado tanto nas crianças quanto nos adolescentes.

  10. Um estudo sobre os significados de consumo associados ao corpo feminino em peças publicitárias de suplementos alimentares A study on the meanings of consumption associated to the female body on dietary supplements' ads

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Felipe Rammelt Sauerbronn

    2011-04-01

    Full Text Available O presente artigo buscou analisar os significados atribuídos aos corpos femininos e transferidos através de propagandas de suplementos alimentares. O corpo se transformou em objeto de pesquisa de pesquisadores interessados em explorar a construção de significados de consumo de diversas áreas. Sua expressão como mercadoria já foi apontada por pesquisadores como Malysse 2007 que propôs a objetificação do corpo e Goldenberg 2007 que construiu o conceito de corpo como capital. Segundo MacCracken 2003 , a publicidade atua na transferência de significados, desde o mundo culturalmente constituído até os indivíduos. As nove peças publicitárias coletadas foram analisadas com base no método de análise do discurso publicitário proposto por Pinto 2002 . As funções de mostração construção do universo do discurso , de interação estabelecimento de vínculos socioculturais e de sedução distribuição de afetos positivos e negativos serviram como direção para que os pesquisadores buscassem compreender as formas de transferência de significado do corpo feminino através das peças publicitárias de suplementos alimentares. Alguns componentes do discurso publicitário foram comuns a todas as peças coletadas e evidenciaram o corpo como um objeto que pode ser modificado, ter suas medidas alteradas a partir do que é transmitido como desejável um corpo sem gordura, magro e firme . Entretanto, puderam ser diferenciadas quatro categorias de discurso de transferência de significado do corpo. A primeira categoria de peças publicitárias coloca o corpo como objeto de poder e o supervaloriza como objeto. Nessa categoria, a interação com os indivíduos é baseada no status que o corpo pode oferecer ao sujeito e as emoções envolvidas tratam de elevar a auto-estima do indivíduo. A segunda categoria congrega peças publicitárias que apresentam o corpo como local da ação do produto. A interação, nesse caso, é baseada em técnica e

  11. Efeitos do consumo de aditivos químicos alimentares na saúde humana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franciéli Aline Conte

    2016-06-01

    Full Text Available A industrialização de alimentos revolucionou a alimentação influenciada pelo grande crescimento populacional e pela grande urbanização apresentando vantagens em relação à durabilidade, praticidade e preço, mas também desvantagens quando relacionados à saúde. O objetivo deste trabalho é mostrar os efeitos que os aditivos alimentares provocam sobre a saúde humana. Este trabalho é uma revisão bibliográfica de literaturas nacionais e internacionais, em trabalhos de revisão, experimental e em seres humanos tendo como base de dados: Capes, Scielo, MedLine, PubMed, Google Acadêmico, Bireme, além de sites e livros da área de nutrição. Antioxidantes, corantes, conservantes, emulsificantes e outros aditivos alimentares, a medida que permitem maior durabilidade, cor, sabor, maciez, crocância e outras características aos produtos, por outro lado, provocam alergias diversas, principalmente para crianças, são potencialmente cancerígenos; precursores de mal de Parkinson; mal de Alzheimer; além de serem resistentes insulínicos, e hipertensivos. O consumo de alimentos processados/industrializados possui efeitos negativos sobre a saúde, principalmente relacionados à doenças crônicas não transmissíveis como a hipertensão, diabetes mellitus tipo II, cânceres e doenças desmielinizantes.

  12. Avaliação do consumo alimentar em creches públicas em São Paulo, Brasil Evaluación del consumo alimentar en guarderías públicas en São Paulo, Brasil Evaluation of food consumption at public day care centers in São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Longo-Silva

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo energético e a adequação da dieta de crianças frequentadoras de berçários de creches públicas e filantrópicas no município de São Paulo. MÉTODOS: Estudo transversal em 16 berçários, frequentados por 236 crianças com idades entre 12 e 29 meses. A coleta dos dados foi realizada pelo método de pesagem direta durante três dias não consecutivos. Para o cálculo nutricional, foi utilizado o software DietWin Profissional 2.0®, sendo posteriormente calculada a adequação do consumo de energia, proteína, ferro, vitamina A e vitamina C. Para o cálculo de proteína, ferro, vitamina A e C, foi utilizada como referência a necessidade média estimada (Estimated Average Requiremen do National Research Council (2002. O cálcio foi avaliado pela ingestão adequada (Adequate Intake, 1999. A avaliação da ingestão de energia foi realizada com base na necessidade energética estimada (Estimated Energy Requirement, 2002. Os dados foram analisados no programa Epi-Info 2000, versão 3.4.3. RESULTADOS: Foram identificados déficits médios para energia (49,78%, ferro (81,67%, cálcio (57,44%, excessos de proteína (183,27% e vitaminas A (126,86% e C (57,44%. A distribuição dos percentuais de adequação dos macronutrientes mostrou-se inadequada para lipídeos. CONCLUSÕES: Embora os cardápios servidos em creches sejam planejados por nutricionistas, os resultados apontam possíveis falhas no processo da alimentação infantil relacionadas à preparação, porcionamento e/ou práticas de oferta dos alimentos. Tais achados reforçam a necessidade de ações de educação e supervisão em saúde para garantir o fornecimento de alimentação adequada a este grupo populacional.OBJETIVO: Evaluar el consumo energético y la adecuación de la dieta de niños frecuentadores de guarderías públicas y filantrópicas en el municipio de São Paulo. MÉTODOS: Estudio transversal en 16 nidos, frecuentados por 236 niños con

  13. Reprodutibilidade de um questionário de consumo alimentar para crianças em idade escolar Reproducibility of a typical day food choices questionnaire for schoolchildren

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Soares Lobo

    2008-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar a reprodutibilidade de um questionário para obter auto-relato de 16 alimentos consumidos em cinco refeições num dia típico da semana, em escolares do ensino fundamental. MÉTODOS: participaram do estudo 342 escolares das primeiras às quartas séries do ensino fundamental (duas escolas públicas e três privadas de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. A reprodutibilidade foi determinada através da comparação das respostas obtidas em dois dias, após um intervalo de três dias. Análises foram estratificadas por série escolar (primeiras e segundas versus terceiras e quartas e rede escolar (pública e privada, para determinar, o percentual de concordância (%CC e estatística kappa ajustada. RESULTADOS: nas escolas públicas, os valores de %CC variaram entre 69% (pães e 84,5% (peixes e os valores de kappa entre 0,38 (pães e 0,69 (peixes. Nas escolas privadas os %CC variaram entre 73,9% (pães e 91,6% (feijão e os valores de kappa entre 0,48 (pães e 0,83 (feijão. Maiores valores de %CC e de kappa foram obtidos para as terceiras e quartas séries do que para as primeiras e segundas, nas escolas públicas e privadas. CONCLUSÕES: a reprodutibilidade do questionário foi demonstrada para os escolares de escolas privadas e públicas, embora melhores resultados foram obtidos nas escolas privadas.OBJECTIVES: to assess the reproducibility of a questionnaire to obtain self-recall of 16 foods eaten in five meals on a typical day of the week in elementary-school children. METHODS: the study subjects were 342 schoolchildren from the first to fourth grade of elementary schools (two public and three private in the city of Florianópolis, State of Santa Catarina, Brazil. Reproducibility was determined by comparing responses obtained on two separate days, within a 3-day interval. Analyses were stratified according to school grade (first and second versus third and fourth and type of school (public and private to assess: the

  14. CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS, CONSUMO ALIMENTAR E ESTADO NUTRICIONAL DE PRÉ- ESCOLARES PERTENCENTES A UMA CRECHE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tessa Bitencourt VALENTE

    2010-12-01

    Full Text Available

    O objetivo deste estudo foi analisar as condições socioeconômicas, o consumo alimentar e o estado nutricional de 39 pré-escolares pertencentes a uma creche da cidade de Santa Maria/RS. Foi aplicado um questionário para análise do perfil socioeconômico das famílias e um questionário de frequência alimentar contendo itens alimentares usualmente consumidos pelos pré-escolares, a fim da verificação do consumo alimentar. As curvas de crescimento propostas pela Organização Mundial da Saúde foram utilizadas para análise do perfil nutricional. Utilizou-se o teste do Qui-quadrado ou teste Exato de Fisher para comparação entre as variáveis de frequência e o teste t de Student para verificar a diferença entre as médias (P≤0,05. Quanto aos resultados, constatou-se que as famílias apresentavam um bom nível socioeconômico, já que 66,67% dos responsáveis possuíam ensino superior; 51,28%, casa própria; e em 58,97% dos domicílios geralmente moravam de 1 a 3 pessoas. Foi observado um grande consumo de leite, cereais, refrigerantes, guloseimas e um baixo consumo de frutas e hortaliças. Embora a maioria das crianças fosse classificada como eutrófica (82,05%; 100%; 66,67%; 64,10% nos indicadores P/I, E/I, P/E e IMC, respectivamente, houve uma prevalência importante de risco de sobrepeso e de sobrepeso. Os dados mostraram que o bom nível socioeconômico das famílias garantiu o acesso a uma alimentação variada. No entanto, verifica-se que seria importante uma orientação nutricional para promover alimentação saudável, uma vez que foi observado grande consumo de carboidratos simples, refrigerantes e lipídios em detrimento de frutas, hortaliças e cereais integrais, além de uma tendência ao excesso de peso.

  15. Feed intake and prediction assessments using the NRC, CNCPS and BR-CORTE systems in Nellore and Red Norte steers finished in feedlot Consumo alimentar e avaliação das predições pelos sistemas NRC, CNCPS e BR-CORTE em novilhos Nelore e Red Norte terminados em confinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Otávio Rodrigues Machado Neto

    2010-02-01

    Full Text Available The objective of this research was to evaluate the dry matter intake (DMI and nutrient consumption in Nellore and Red Norte steer finished in a feedlot and compare the actual and predicted values by NRC (2000, CNCPS 5.0 and BR-CORTE systems. Forty-one animals, 19 Nellore and 22 Red Norte steers, with initial live weight of 361 ± 31 kg and 367 ± 30 kg, respectively, were used. The experiment lasted 84 days, with 28 days for adaptation and 56 experimental days. The animals were weighed at the beginning and at end of each 28-day period after 16 hours fasting. The dry matter intake was estimated by LIPE, chrome oxide and indigestible dry matter (DMi markers. There were no differences between Nellore and Red Norte DMI when expressed in kg/day (10.66 vs. 10.44. When intake was expressed in percentage of live weight (% LW, Nellore steer presented higher intake than Red Norte steer (2.55 vs. 2.39%. All the systems evaluated presented a lower predicted intake than the observed intake. However, these differences were smaller for crossbreed animals.Este trabalho foi realizado com os objetivos de avaliar o consumo de matéria seca (CMS e dos nutrientes da dieta em novilhos Nelore e Red Norte terminados em confinamento e comparar os valores observados aos preditos por meio dos sistemas NRC (2000, CNCPS 5.0 e BR-CORTE. Utilizaram-se 41 novilhos, não-castrados, de dois grupos genéticos, sendo 19 Nelore com peso vivo inicial médio de 361 ± 31 kg e 22 Red Norte com peso vivo inicial de 367 ± 30 kg. No início do período de adaptação, com duração de 28 dias, os animais foram pesados após jejum alimentar de 16 horas e tratados contra endo e ecto parasitas. O período experimental teve duração de 56 dias e, além das pesagens nestes períodos, foram realizadas mensurações do consumo individual, utilizando-se os indicadores LIPE, óxido crômico e matéria seca indigestível (MSi. A comparação entre os dados de consumo observados com aqueles

  16. Relação entre renda e consumo alimentar habitual de β-caroteno, vitamina C e vitamina E de crianças

    OpenAIRE

    de Paiva-Bandeira, Geovanna T; Rios-Asciutti, Luiza S; Rivera, Amélia A; Rodrigues-Gonçalves, Maria da Conceição; Pordeus-de-Lima, Rafaella C; Marinho-Albuquerque, Tarciane; de-Morais, Ronei Marcos; de Toledo-Vianna, Rodrigo Pinheiro; de-Oliveira, Adyla Farias; Teixeira-Lima, Roberto; de Carvalho-Costa, Maria J

    2011-01-01

    Objetivo Analisar a relação entre renda e consumo alimentar de b-caroteno, vitamina C e vitamina E em crianças na cidade de João Pessoa, Brasil. Método Foram avaliadas 183 crianças com idade entre 2 e < 10 anos, em uma amostra representativa estratificada por níveis de renda da população de João Pessoa. O instrumento de pesquisa consistiu de questionários que abordaram aspectos sócio-econômicos, demográficos, antropométricos e de consumo alimentar. Analisou-se os resultados com o software R, ...

  17. Alimentação e diabetes mellitus: percepção e consumo alimentar de idosos no interior de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Andressa Gomes Barbosa

    2015-09-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o conhecimento sobre alimentação relacionada ao diabetes e identificar fatores que possam interferir na adesão à terapia nutricional e nas escolhas alimentares de participantes de um Centro de Convivência de Idosos em Sairé-PE. Métodos: Estudo quantitativo, transversal e descritivo com 39 frequentadores do referido centro, de julho a agosto de 2014, portadores ou não de diabetes mellitus. Aplicaram-se dois questionários para avaliar dados socioeconômicos, conhecimento alimentar e fatores culturais, e verificar o consumo de alimentos de alto e baixo índice glicêmico. Os dados foram analisados através do Programa Assistat versão 7.0 beta. Resultados: Observou-se que a maioria possui conhecimentos sobre tipos de alimentos que podem influenciar no tratamento de diabetes mellitus, pois 51,2% (n=20 disseram conhecer algum alimento que pode reduzir os riscos de acometimento ou auxiliar no tratamento do diabetes. A maioria disse ter adquirido esse conhecimento por meio de televisão (35%; n=7 e conversa com conhecidos (35%; n=7. Verificando o consumo alimentar, constatou-se maior consumo de alimentos com alto índice glicêmico. Porém, entre os diabéticos, viu-se que os alimentos de baixo índice glicêmico são consumidos mais vezes por semana. Conclusão: Considerou-se adequado o nível de conhecimento em relação à alimentação e diabetes, mas viu-se que fatores socioeconômicos e culturais podem interferir na adesão à dietoterapia ou nas escolhas alimentares dos indivíduos. Contudo, o consumo alimentar se mostrou mais adequado entre os diabéticos.

  18. Proteína C reativa e síndrome metabólica em crianças e adolescentes obesos e não obesos: relação com consumo alimentar

    OpenAIRE

    Borba, Vanessa Vieira Lopes

    2011-01-01

    A Síndrome Metabólica (SM) consiste em um conjunto de anormalidades metabólicas, descritas inicialmente em adultos, mas encontrada também na população pediátrica. As suas características englobam: obesidade, hipertensão arterial sistêmica, dislipidemia, intolerância à glicose e resistência insulínica. Todos esses fatores estão relacionados a questões genéticas, de comportamento alimentar e de hábitos de vida. A Proteína C Reativa (PCR), um marcador de atividade inflamatória, ve...

  19. Mudanças no consumo alimentar e atividade física de escolares de Florianópolis, SC, 2002 - 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe Ferreira da Costa

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a mudança em cinco anos do consumo alimentar e nível de atividade física em escolares. MÉTODOS: Estudo com amostra representativa (n = 4.168 de escolares de sete a dez anos de idade de Florianópolis, SC. Medidas do consumo alimentar e atividade física foram realizadas em dois estudos de base escolar em 2002 (n = 2.936; 51% meninos; idade média = 8,5 anos e 2007 (n = 1.232; 50,7% meninos; idade média = 8,6 anos, utilizando questionários ilustrados. O teste do qui-quadrado foi utilizado para avaliar a mudança no consumo de oito alimentos/grupos de alimentos, no atendimento às recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e no nível de atividade física (avaliado segundo os terços de distribuição do escore e o tipo de deslocamento para a escola. As análises foram realizadas segundo a rede de ensino. RESULTADOS: Houve redução da proporção de crianças que relatou o consumo de frutas, verduras e legumes, feijão, carnes, guloseimas, pizza, batata frita e refrigerantes. Maior proporção de escolares da rede privada atendeu às recomendações de restrição de consumo de refrigerantes, pizzas e batata frita, e de maior consumo de frutas, verduras e legumes, em ambos os estudos. Por outro lado, maior proporção de escolares da rede pública atendeu às recomendações para o consumo de carnes em 2007. Os valores medianos do escore de atividade física diminuíram em 2007. Em ambos os anos escolares da rede privada foram mais ativos. A proporção de escolares que se deslocou ativamente para a escola reduziu de 49% para 41% (p < 0,01. CONCLUSÕES: Houve redução no consumo de alimentos marcadores de dieta saudável (feijão, carnes/peixes, frutas, legumes e verduras e de alimentos de alta densidade energética e baixo valor nutricional (refrigerantes, guloseimas e pizza/batatas fritas. Também houve decréscimo da proporção de escolares que relataram deslocamento ativo para a escola.

  20. Estado nutricional e consumo alimentar de mulheres com câncer de mama atendidas em um serviço de mastologia no interior do Rio Grande do Sul, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Cristina Zanchin

    2011-10-01

    Resultados: Observou-se que 90% da população estudada apresentavam idade >40 anos, 68% encontravam-se na pós-menopausa, 70% estavam em etapa pós-tratamento e que 84% nunca ingeriam bebidas alcoólicas. A análise estatística demonstrou freqüência elevada de sobrepeso/obesidade (72% com IMC médio de 28,6±5,6Kg/m² e alta prevalência de sedentarismo (72%. A média diária de consumo energético foi de 1413,7Kcal/dia; sendo 27,3% de lipídeos totais e 8% de gorduras saturadas. O consumo de fibras, vitamina A, C e E e selênio apresentaram-se abaixo das recomendações nutricionais. Foi encontrada preferência por leite integral e carne vermelha, consumo diminuído de frutas e pouca variedade na ingestão de verduras. Conclusão: Houve alta prevalência de sobrepeso/obesidade em mulheres na pós-menopausa, alto índice de sedentarismo e baixo consumo de micronutrientes. Também foi encontrado grande número de mulheres sobreviventes de CM. Estes achados são importantes para o estabelecimento de ações de intervenção nutricional que ajude no prognóstico e na prevenção de recorrência tumoral.

  1. Prevalência de comportamentos alimentares disfuncionais em mulheres idosas

    OpenAIRE

    Gomes, Fabiana Vanessa Silva

    2015-01-01

    Dissertação de mestrado em Psicologia Aplicada (área de especialização em Psicologia Clínica e da Saúde) Comportamentos alimentares disfuncionais são frequentes em jovens, mas pouco se sabe sobre a sua prevalência em mulheres idosas. Este estudo consiste em estudar a prevalência pontual de comportamentos alimentares disfuncionais em mulheres com 65 anos ou mais. Estudo de prevalência constituído por um momento de avaliação de duas fases com 342 mulheres entre os 65 e 94 anos...

  2. Vegetarianismo e comportamento alimentar : comportamentos alimentares disfuncionais e hábitos alimentares em dietas vegetarianas

    OpenAIRE

    Rola, Catarina, 1988-

    2016-01-01

    Tese de mestrado, Doenças Metabólicas e Comportamento Alimentar, Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina, 2016 As escolhas alimentares exercem uma influência significativa na génese, manutenção e agravamento do quadro clínico do paciente. Quando corretamente planeadas, as dietas apoiadas no vegetarianismo são nutricionalmente equilibradas. Contudo, dada a legitimidade da restrição alimentar que lhe é característica, a comunidade científica levanta a hipótese de esta mascarar comporta...

  3. Influência da televisão no consumo alimentar e na obesidade em crianças e adolescentes: uma revisão sistemática Television influence on food intake and obesity in children and adolescents: a systematic review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Elizandra Rossi

    2010-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar a influência da televisão no consumo alimentar e na obesidade em crianças e adolescentes. Realizou-se revisão sistemática nas bases MedLine, PubMed, SciELO-Brasil e Lilacs, capturando-se 73 artigos publicados entre 1997 e 2007. Definiu-se não analisar artigos com adultos ou pré-escolares, notas, comunicações, revisões, amostras de população específica (indígenas, por exemplo e enferma (exceto obesidade, e estudos de intervenção, selecionando-se vinte artigos para análise. Em seis, dentre oito estudos brasileiros, observou-se associação significativa entre televisão e obesidade, e, em um destes, também se verificou associação positiva entre televisão e consumo alimentar. Nas investigações internacionais, observaram-se seis, dentre dez artigos, evidenciando associação entre televisão e obesidade, além de se identificar associação inversa entre televisão e tempo de atividade física. Em cinco artigos, do total de seis internacionais que investigaram o consumo alimentar, observou-se associação significativa entre televisão e ingestão alimentar, verificando-se que crianças e adolescentes que despendem maior tempo com a televisão tendem a ingerir menos frutas e verduras, e mais porções de salgadinhos, doces e bebidas com elevado teor de açúcar. A associação entre televisão e consumo alimentar foi evidente (85% dos artigos, e a associação com obesidade apareceu em 60% dos artigos. Ao identificar-se que o tempo em frente à TV associa-se à inadequação dos hábitos alimentares e à redução da atividade física, revela-se o hábito de assistir à televisão como um importante fator que pode propiciar a obesidade entre crianças e adolescentes.The objective of this study was to identify the influence that watching television has on food intake and obesity in children and adolescents. A systematic review of the MedLine, PubMed, SciELO-Brasil and Lilacs databases

  4. CONSUMO ALIMENTAR E ATIVIDADE FÍSICA DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA ÁREA DE SAÚDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Soar

    2012-06-01

    Full Text Available O estilo de vida de universitários pode contribuir para o aparecimento de doenças crônicas não transmissíveis. Hábitos alimentares não saudáveis e reduzida prática de atividade física durante o período da graduação frequentemente se mantêm após a formação universitária. O objetivo deste estudo foi analisar características da alimentação e da atividade física em universitários de uma instituição privada. Estudo transversal realizado por meio de entrevista sobre estilo de vida. Observou-se maior valor médio do índice de massa corporal e maior prevalência de sobrepeso no gênero masculino (p<0,05. Identificou-se que 64% da amostra não realizavam atividade física regular e que 70% entendiam conhecer a própria necessidade energética, contudo, somente 39% tinham o conhecimento correto sobre sua necessidade de consumo de energia. Conclui-se que a adequada caracterização do consumo alimentar e da prática de atividade física podem contribuir como ferramentas de auxílio na promoção de saúde desse grupo, pois servirão de base para elaboração de educação em saúde no meio universitário.

  5. Consumo alimentar e estilo de vida: um estudo longitudinal com estudantes universitários

    OpenAIRE

    Gabrielle Aparecida Cardoso

    2016-01-01

    A universidade é um local de aprendizagem no qual conhecimento acadêmico, social e cultural permeia a relação entre os estudantes, onde estes terão a oportunidade de vivenciar diferentes situações durante o curso. A maior preocupação é como esta experiência influenciará o estado nutricional com a possível mudança dos hábitos cotidianos, como abuso de bebidas alcoólicas, uso irrestrito de suplementos vitamínicos e alimentares e a alimentação inadequada. O consumo alimentar de universitários fo...

  6. influência no consumo alimentar de crianças

    OpenAIRE

    Ribeiro, Ana Lúcia Cruz

    2013-01-01

    Trabalho Complementar apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de licenciada em Ciências da Nutrição A perceção de que hábitos alimentares adquiridos na infância e adolescência vão ter reflexos na idade adulta tem vindo a ser analisada ao detalhe pelas indústrias do ramo alimentar, que apostam nestas faixas etárias como grandes nichos de mercado. Para que o grande público tenha conhecimento dos produtos, a forma mais eficaz de os anuncia...

  7. Fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura em adultos de uma cidade no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2014-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi descrever a frequência de consumo de dieta rica em gordura por adultos de 20 a 69 anos de Pelotas, RS, e analisar fatores associados. Foi realizado um estudo transversal de base populacional, incluindo 972 adultos. A frequência do consumo de gordura alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por quinze itens alimentares, pontuados de acordo com a frequência de consumo de alimentos com elevados teores de gordura. Cerca de 1/3 da população adulta (32,7% consumia regularmente dieta rica em gordura. Para ambos os sexos, o consumo regular de gordura mostrou-se associado a idades mais jovens e consumo regular de refrigerantes e, somente para homens, aos níveis econômicos A/B. A frequência do consumo regular de alimentos ricos em gordura na população adulta residente no município de Pelotas encontra-se além das recomendações atuais do Ministério da Saúde. Políticas públicas que estimulem uma alimentação saudável são urgentemente necessárias.

  8. Hábito e consumo alimentar de estudantes do curso de Nutrição das faculdades de Montes Claros – Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júnia Karla Aquino

    2015-06-01

    Full Text Available Os hábitos alimentares se iniciam na infância, permanecem durante a vida adulta e sofrem modificações com a inserção do acadêmico na universidade devido às mudanças de seu cotidiano. O objetivo deste trabalho foi analisar o hábito e consumo alimentar dos acadêmicos do curso de Nutrição das Universidades de Montes Claros - Minas Gerais, por meio da aplicação do Questionário de Frequência Alimentar e ficha de anamnese. A amostra foi composta por acadêmicos do 1° e 2° período em um total de 64,0%; e do 7° e 8° período, 36,0%. Com idades até 24 anos, 78,0%; acima de 25 anos, 24,0%, de ambos os sexos. Quanto ao consumo dos grupos alimentares, os acadêmicos apresentaram inadequado consumo dos grupos de alimentos protetores à saúde: as frutas, legumes e verduras, leguminosas, carnes e ovos, leite e seus derivados. Finalmente, concluiu-se que apesar da população do estudo ser composta por acadêmicos do curso de nutrição, nem sempre o que se aprende na teoria é efetivado na prática, mesmo conhecendo os benefícios à saúde. Por isso é necessário aprofundar mais o debate sobre esse tema durante a formação dos nutricionistas e mostrar a importância de incorporar no seu cotidiano o aprendido sobre a alimentação saudável, visando uma melhor qualidade de vida

  9. Mediações e midiatização do consumo alimentar: #taeq e tendência da saudabilidade na rede

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Silva de Souza

    2018-01-01

    Full Text Available Na perspectiva das tendências do consumo alimentar conforme Madi et al (2010, observamos os modos como as cinco tendências globais da alimentação (sensorialidade, saudabilidade, sustentabilidade, praticidade e confiabilidade comportam-se na circulação midiática nas redes. Aqui apresentamos os resultados quanto à tendência da saudabilidade, a partir da observação das interações em torno da marca Taeq, por meio da hashtag #taeq na rede social Instagram.

  10. Coast cross (Cynodon dactylon (L. pers. hay and pigeon pea (Cajanus cajan (L. millsp digestibility and nutrients average intake by sheep under two feeding systems/ Consumo médio e digestibilidade do feno de capim “Coast cross” (Cynodon dactylon (L. pers. e feijão guandu (Cajanus cajan (L. Millsp em carneiros submetidos a dois regimes alimentares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Waldemar de Oliveira Souza

    2007-08-01

    Full Text Available This experiment was carried out with the objectives of determining the daily average intake (DAI, apparent digestibility coefficient (ADC of coast cross hay and pigeon pea nutrients and to evaluate thenitrogen balance in sheep. Ten wethers with average weight of 27.50 kg, alloted to suitable cages, were used. A completely randomized design with two treatments (T1= 80% coast cross hay + 20% pigeon peaand T2= 60% coast cross hay + 40% pigeon pea and five replicates, was used. The treatments were evaluated under two feeding systems (voluntary and restrict. Animals receiving ration of T2 presentedhigher DAI (g/kg PV 0.75 (PO experimento foi realizado com os objetivos de determinar o consumo médio diário (CMD, o coeficiente de digestibilidade aparente (CDA dos nutrientes do feno de capim Coast cross e feijão guandu e avaliar o balanço de nitrogênio (BN em ovinos. Foram utilizados dez ovinos machos, castrados, com peso médio de 27,50 kg, alojados em gaiolas para metabolismo, em delineamento inteiramente casualizado com dois tratamentos (T1 = 80% de feno de Coast cross + 20% de guandu e T2 = 60% de feno de Coast cross + 40% de guandu e cinco repetições por tratamento. Os tratamentos foram avaliados sob dois regimes alimentares (consumo voluntário e restrito. Os animais recebendo ração do T2 apresentaram maior CMD (g/kg PV0,75 (p < 0,05 de matéria seca (MS, proteína bruta (PB, fibra bruta (FB, matéria orgânica (MO e extrato não nitrogenado (ENN, do que aqueles animais recebendo ração do T1. O CDA da FB da ração T2 foi maior (p < 0,05 do que o da ração T1. O BN dos animais que receberam 40% de guandu (13,15g N/ dia foi superior aos daqueles que receberam 20% desta leguminosa (10,29g N/dia. Conclui-se que o feijão guandu pode ser utilizado como fonte protéica na alimentação de ruminantes, possibilitando CDA da MS próximo de 52% para animais em regime de consumo voluntário, e 81% para animais em regime de consumo restrito. O

  11. Avaliação Nutricional, Consumo Alimentar e Risco para Doenças Cardiovasculares de Crianças Praticantes de Natação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Donner Alves

    2010-09-01

    Full Text Available Introdução: As doenças cardiovasculares (DCV destacam-se, nos dias atuais, como a mais frequente causa de mortalidade, inclusive na infância. Dentre os fatores de risco para DCV estão o alto consumo de gorduras saturadas, trans, colesterol, como também o excesso de peso e gordura corporal. Objetivo: avaliar o estado nutricional e consumo alimentar de crianças praticantes de natação de um clube esportivo. Métodos: A avaliação nutricional foi realizada por meio de antropometria, utilizando-se: peso, estatura, dobra cutânea triciptal (DCT, subescapular (DCSE, circunferência abdominal (CA e cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC. O percentual de gordura corporal (%GC foi determinado através da soma da DCT e da DCSE. Para avaliar o consumo alimentar utilizou-se o Questionário Simplificado para Avaliação de Risco Cardiovascular (QRC que identifica a frequência de consumo de 9 alimentos ricos em gorduras. Resultados: Foram avaliadas 204 crianças, 59% do sexo masculino, com média de idade de 8±2 anos. Quando classificados, 30,4% apresentavam-se com excesso de peso de acordo com o IMC, 26% tinham CA aumentada e 41% apresentaram alto consumo de alimentos que aumentam o risco cardiovascular. De acordo com a classificação do %GC, 11% foram classificados como muito alto para a idade, com diferença significativa entre os sexos (P

  12. Uso do método Grade of Membership na identificação de perfis de consumo e comportamento alimentar de adolescentes do Rio de Janeiro, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia de Oliveira Cardoso

    2011-02-01

    Full Text Available Com objetivo de identificar perfis de consumo e de comportamentos alimentares e descrever suas prevalências, aplicou-se o método Grade of Membership em dados de um inquérito sobre fatores de risco à saúde de adolescentes do ensino fundamental da cidade do Rio de Janeiro, Brasil (N = 1.632. Foram gerados quatro perfis: perfil "A" (12,1%, caracterizado pelo consumo frequente de todos os alimentos marcadores de dieta saudável, menos frequente dos alimentos não saudáveis e pela presença de comportamentos alimentares saudáveis; perfil "B" (45,8%, marcado pelo hábito de realizar o desjejum e três refeições/dia, consumo menos frequente de legumes e frutas e de cinco dos marcadores de alimentação não saudável; perfil "C" (22,8%, ausência de comportamentos alimentares saudáveis e pelo consumo menos frequente de legumes, frutas, leite, embutidos, biscoitos e refrigerantes; e perfil "D", caracterizado pelo consumo frequente de todos os alimentos não saudáveis e menos frequente de legumes e frutas. Os resultados apontam para a necessidade de promoção da alimentação saudável nesta população.

  13. Avaliação do consumo alimentar de pacientes com mucopolissacaridose = Assessment of dietary intake of patients with mucopolysaccharidosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leite, Roberta B.

    2014-01-01

    Conclusões: Detectou-se alta frequência de inadequação no consumo alimentar de crianças e adolescentes com mucopolissacaridose. Algumas limitações osteoarticulares causadas pela doença acarretam problemas na ingestão de alimentos, tendo muitos pacientes necessidade de auxílio no ato de se alimentar. A conduta nutricional especializada poderá auxiliar na qualidade de vida e no prognóstico desses indivíduos

  14. Sistema de Suplementação Alimentar para Bovinos de Corte em Pastejo: Validação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lana Rogério de Paula

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho a validação do programa de computador do Sistema Viçosa de Formulação de Rações, bem como testar o NRC 1996 de gado de corte, incluindo os níveis 1 (Sistema NRC e 2 (Sistema Cornell, para bovinos de corte em pastejo. Os dados de ganho de peso preditos pelos programas, em função do peso corporal, dos grupos genéticos e da composição e do consumo de suplementos, durante o período da seca, foram comparados com os dados observados. O Sistema NRC, níveis 1 e 2, subestimou o consumo de matéria seca em 12 e 13% e o ganho de peso, em 55 e 86%, respectivamente, de 35 novilhos suplementados em pastagens durante o período da seca. Já o Sistema Viçosa, com menor margem de erro, superestimou o consumo em 5% e subestimou o ganho em 11%. Em um segundo ensaio de validação com um banco de dados de 25 experimentos, 74 tratamentos e 1230 animais, o Sistema Viçosa superestimou o ganho de peso, em função do consumo de energia (NDT, em 44%. Apesar disto, o programa é adequado para ser utilizado nas formulações de suplementos alimentares para bovinos em crescimento em pastagens tropicais, uma vez que o consumo de alimentos e, conseqüentemente, o ganho de peso são altamente variáveis, devido à variação na disponibilidade e composição das pastagens, diversidades climáticas e genéticas dos animais.

  15. Métodos de avaliação do consumo alimentar de gestantes: uma revisão Review of methods of dietary assessment during pregnant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Labronici Bertin

    2006-01-01

    Full Text Available As alterações fisiológicas causadas pela gravidez modificam as necessidades nutricionais e a ingestão alimentar de gestantes. A utilização correta de instrumentos que proporcionem o conhecimento do consumo alimentar no decorrer deste ciclo de vida torna-se relevante por permitir diagnosticar possíveis carências e excessos nutricionais. O objetivo da investigação foi realizar uma revisão bibliográfica sobre métodos de avaliação do consumo alimentar de gestantes. Os estudos analisados foram selecionados em bases eletrônicas de dados e publicados no período de 1994 a setembro de 2004, no Brasil e no exterior. Este artigo procura descrever e analisar os distintos métodos e os principais resultados dos estudos sobre determinação do consumo alimentar de gestantes, entre os quais destacam-se: recordatório de 24 horas (R24h, registro alimentar, questionário de freqüência de consumo alimentar e história alimentar. Os resultados apontam que o R24h foi o método mais freqüente, entretanto, seu uso muitas vezes não ultrapassa dois dias de investigação e nem leva em consideração finais de semana. A preferência por esse método está associada a sua praticidade e custo/benefício. Pode-se concluir que para obtenção de resultados seguros, a escolha do método e do desenho do estudo deve estar sempre relacionada com os objetivos da pesquisa.Physiological pregnancy changes impact nutritional needs and food intake. The adequate use of tools providing knowledge of food consumption during this life cycle is relevant because it enables the diagnosis for possible nutrition deficits and excesses. The objective of the survey was to perform a bibliographic review on food intake assessment methods during pregnancy. The literature reviewed was selected from an electronic database published between 1994 and September 2004 in Brazil and abroad. This article aims at describing and assessing the different methods and main results of studies

  16. Estado nutricional e hábitos alimentares de dependentes químicos em tratamento ambulatorial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isadora Borne Ferreira

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo Identificar o estado nutricional e hábitos alimentares de pacientes masculinos em recuperação de dependência química em acompanhamento ambulatorial de uma unidade de adição. Métodos Estudo transversal com 25 pacientes adultos em tratamento ambulatorial para dependência química. Foram aferidos parâmetros antropométricos (peso, estatura, circunferência da cintura e índice de massa corporal e de composição corporal (bioimpedância elétrica, e foram investigados hábitos alimentares (Questionário de Frequência Alimentar – QFA. As variáveis categóricas são apresentadas como frequências e percentuais e as variáveis contínuas, como média e desvio-padrão ou como mediana e intervalo interquartil. Resultados Observou-se índice de massa corporal médio de 27,73 ± 4,15 kg/m2, com prevalência de sobrepeso de 80% e obesidade de 8%. A média da circunferência da cintura foi de 96,60 ± 9,84 cm e a de percentual de gordura corporal, de 23,24 ± 6,44. A maior parte da amostra estudada [20 (80%] refere realizar quatro ou mais refeições por dia e 72% referiram aumento do consumo alimentar no período de abstinência. A preferência por alimentos específicos no período de abstinência foi relatada por 12 (48% pacientes. Em relação ao consumo de alimentos ultraprocessados, destaca-se o consumo diário de pão francês (68%, pães brancos de forma (16%, sucos artificiais (48%, refrigerantes (32%, queijo amarelo (36%, embutidos com alto teor de gordura (36% e balas e chicletes (32%. Conclusão Os resultados mostram prevalência elevada de sobrepeso e obesidade, além de medida de circunferência da cintura alterada, relato de aumento da ingestão alimentar e consumo diário e semanal elevado de alimentos ultraprocessados.

  17. Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cristine Souza Lopes

    Full Text Available Inquérito alimentar populacional em amostra aleatória de 550 indivíduos > ou = 18 anos, realizado em Bambuí, Minas Gerais, Brasil, utilizando o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar e recordatório 24 horas calibrados pela técnica de regressão linear. A análise constou de comparação de médias, teste de qui-quadrado e razão de adequação do nutriente (RAN-adequada: 90,0-110,0%. Foi baixo o percentual da população que apresentou RAN de acordo com o recomendado para consumo de carboidratos (2,4%, proteínas (17,6%, vitaminas (0,0-5,1% e minerais (0-21,1%. Diferenças de acordo com sexo e idade foram encontradas: 90,2% e 91,8% de mulheres apresentaram baixo consumo de ferro e vitamina B6, respectivamente. Ao contrário, 87,7% dos homens relataram consumo excessivo de ferro, 80,3% de fósforo e 11,9% de colesterol. Quanto à idade, 64,3% de idosos (> 60 anos relataram baixa ingestão protéica e 39,3% apresentavam inadequação das frações lipídicas; sendo que 35,7% informaram consumo excessivo de ácidos graxos saturados. Dos adultos (18-59 anos, 67,8% relataram excessivo consumo protéico e 53,4% ingestão insuficiente de ferro. Alto e inadequado consumo de lipídios e baixa ingestão de fibras, vitaminas e minerais, constituem problema importante de saúde pública por possivelmente contribuir para o aumento das doenças crônicas não transmissíveis.

  18. Assessing usual dietary intake in complex sample design surveys: the National Dietary Survey Evaluación del consumo alimentario usual en investigaciones con muestras complejas: pesquisa nacional de alimentación Avaliação do consumo alimentar usual em pesquisas com amostras complexas: Inquérito Nacional de Alimentação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Washington Leite Junger

    2013-02-01

    considerando el diseño de la pesquisa y suponiendo muestra aleatoria simple. A pesar que los resultados de las estimaciones puntuales para el promedio hayan sido similares, hubo aumento de hasta 60% en los respectivos errores estándar en el muestreo complejo, comparado con el muestreo simple. De ese modo, para estimaciones validas de consumo de alimentos y de energía se deben tomar en cuenta todas las características de muestreo de las pesquisas, porque cuando estas características son descuidadas, el análisis estadístico puede producir errores estándar subestimados que pueden comprometer los resultados y conclusiones de la investigación.O objetivo do estudo foi indicar uma adaptação do método do Instituto Nacional do Câncer (INC, utilizando-se dados do Inquérito Nacional de Alimentação. Esse método estima a distribuição do consumo usual de nutrientes e alimentos e pode ser aplicado em estudos com amostra complexa. Entretanto, são necessários cálculos adicionais, tais como a replicação repetida balanceada, a fim de obter os erros padrão e intervalos de confiança para os percentis e a média da distribuição de consumo usual. A aplicação desse método foi exemplificada analisando o total de energia (kcal e frutas (g, comparando as estimativas das médias e seus respectivos erros padrão obtidos, considerando o desenho do inquérito e supondo amostra aleatória simples. Embora os resultados das estimativas pontuais para a média tenham sido similares, houve aumento de até 60% nos respectivos erros padrão na amostragem complexa, comparada à amostragem simples. Desse modo, para estimativas válidas de consumo de alimentos e de energia devem-se levar em conta todas as características de amostragem dos inquéritos, porque, quando essas características são negligenciadas, a análise estatística pode produzir erros padrão subestimados que podem comprometer os resultados e conclusões da pesquisa.

  19. CONHECIMENTO SOBRE NUTRIÇÃO E CONSUMO DE SUPLEMENTOS EM ACADEMIAS DE GINÁSTICA DE JUIZ DE FORA, BRASIL

    OpenAIRE

    Lopes, Fernanda Gargiulo; Mendes, Larissa Loures; Binoti, Mirella Lima; Oliveira, Natália Pereira de; Percegoni, Nathércia

    2015-01-01

    Introdução O consumo de suplementos alimentares tem ganhado destaque entre desportistas. Contudo, mudanças nos hábitos alimentares são menos expressivas nesta população. Objetivo Verificar o uso de suplementos alimentares e o conhecimento sobre princípios básicos de nutrição de desportistas frequentadores de academias da cidade de Juiz de Fora, MG, Brasil. Métodos Estudo transversal, em 19 academias selecionadas por sorteio. A amostra totalizou 348 indivíduos maiores de 18 anos, de ambos os...

  20. Consumo de aditivos alimentares e efeitos à saúde: desafios para a saúde pública brasileira Food additive intake and health effects: public health challenges in Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Teixeira Polônio

    2009-08-01

    Full Text Available Este estudo visa a contextualizar por meio de uma revisão sistemática da literatura, os riscos acarretados pelo consumo de aditivos alimentares. Em relação aos resultados dos estudos associando o consumo de aditivos ao aparecimento do câncer, os efeitos adversos à saúde foram observados principalmente nos estudos em que a Ingestão Diária Aceitável (IDA foi excedida. Também apontou uma carência de pesquisas sobre o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade. Já em relação à hipersensibilidade não específica, o número de estudos foi significativo e os resultados mais consistentes quanto às manifestações clínicas de rinite, urticária e angioedema provocadas pelos aditivos, em particular pelos os corantes artificiais. As crianças aparecem como grupo vulnerável, em razão do consumo potencial de alimentos com aditivos alimentares, particularmente corantes artificiais. Os resultados indicam que estudos de consumo de aditivos alimentares deveriam servir de base para a elaboração de estratégias de vigilância alimentar e nutricional, com a finalidade de promover hábitos alimentares saudáveis.This study uses a systematic literature review to contextualize the risks associated with food additive intake. Studies comparing food additive intake and cancer showed that adverse health effects appeared when Acceptable Daily Intake (ADI was exceeded. The review also detected a lack of studies on attention deficit-hyperactivity disorder. There were more studies on non-specific hypersensitivity, highlighting such clinical manifestations as rhinitis, urticaria, and angioedema, all associated with food additives, particularly artificial colorants. Children are a vulnerable group as potential consumers of food additives, particularly artificial colorants. Studies on food additive intake should provide the basis for effective food and nutritional surveillance strategies, aiming to promote healthy eating habits.

  1. Consumo alimentar entre crianças brasileiras com idade de 6 a 59 meses Food consumption Brazilian children by 6 to 59 months of age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gisele Ane Bortolini

    2012-09-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar o consumo alimentar em crianças brasileiras de 6-59 meses de idade, por região e zona de residência. Trata-se de estudo descritivo transversal com 4.322 crianças investigadas na Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde (2006/2007. Observou-se baixo consumo diário de verduras (12,7%, legumes (21,8%, carnes (24,6% e elevado consumo de refrigerantes (40,5%, alimentos fritos (39,4%, salgadinhos (39,4%, doces (37,8%, na frequência de uma a três vezes na semana. Comparando-se as regiões, as crianças residentes no Sul, Sudeste e Centro-oeste consumiram com mais frequência arroz, pão, batata, feijão, verdura de folha, legumes e carne, mas também consumiram, mais frequentemente, alimentos não recomendados para a idade, como doces e refrigerantes. Crianças da zona rural apresentaram menor consumo dos alimentos recomendados para a idade e, também, dos não recomendados, quando comparadas às crianças da zona urbana. O consumo alimentar evidenciado neste estudo não está de acordo com recomendações de alimentação saudável para crianças.The aim of this study was to assess food consumption in Brazilian children 6 to 59 months of age by region of the country and area of residence. This was a descriptive cross-sectional study of 4,322 children in the National Demographic and Health Survey (2006-2007. The data showed low daily consumption of leafy vegetables (12.7%, vegetables (21.8%, and meat (24.6% and high consumption (1-3 times a week of soft drinks (40.5%, fried foods (39.4%, salty snacks (39.4%, and sweets (37.8%. Comparing the regions of Brazil, children in the South, Southeast, and Central-West consumed more rice, bread, potatoes, beans, greens, vegetables, and meat, but they also ate more foods not recommended for their age, like sweets and soft drinks (soda. Rural children showed lower consumption of foods recommended for their age and also those not recommended for their age, as compared to their urban

  2. Transtornos alimentares em escolares Eating disorders in school children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João E. M Vilela

    2004-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este trabalho investiga a freqüência de possíveis transtornos da alimentação e comportamentos alimentares inadequados em crianças e adolescentes de seis cidades do interior de Minas Gerais, uma vez que a maioria dos autores afirma uma prevalência maior em países desenvolvidos. MÉTODOS: Este é um estudo transversal onde foram aplicadas as auto-escalas BITE (Teste de Investigação Bulímica de Edinburgh, EAT (Teste de Atitudes Alimentares e Teste de Imagem Corporal em 1.807 estudantes de escolas públicas do Ensino Fundamental e Médio, com idade entre 7 e 19 anos. RESULTADOS: De acordo com a auto-escala EAT, 241 alunos (13,3% apresentaram possíveis transtornos de alimentação, com predominância significativa do sexo feminino. E, segundo a auto-escala BITE, 19 estudantes (1,1% apresentaram um escore compatível com bulimia nervosa. Encontramos 1.059 alunos (59% insatisfeitos com sua imagem corporal, 731 alunos (40% em uso de dieta para emagrecer e 1.014 alunos (56% que praticavam atividade física com a finalidade de perder peso. Os episódios bulímicos foram encontrados em 218 alunos (12%, e 175 alunos (10% utilizavam métodos purgativos para perder peso. CONCLUSÕES: Este estudo mostra uma alta prevalência de possíveis transtornos alimentares na população estudada, assim como comportamentos alimentares inadequados, principalmente em adolescentes do sexo feminino. Os resultados são semelhantes aos encontrados nos países considerados desenvolvidos. Concluímos que esses achados são relevantes para a clínica da criança e do adolescente e que podem proporcionar futuros trabalhos onde poderemos compreender melhor os possíveis fatores de risco para esses transtornos da alimentação.OBJECTIVE: To determine the prevalence of possible eating disorders and inappropriate eating behaviors in school children from six municipalities in the state of Minas Gerais, Brazil. METHODS: Cross-sectional study. The Bulimic

  3. Consumo de nutrientes em idosos residentes em Porto Alegre (RS, Brasil: um estudo de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina Duarte Venturini

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Para descrever o perfil de consumo de nutrientes e verificar a sua associação com as variáveis sociodemográficas e de saúde, desenvolveu-se um estudo transversal, de base populacional em uma amostra aleatória de 427 idosos residentes em Porto Alegre, Brasil. O consumo alimentar foi avaliado através do Inquérito Recordatório de 24 Horas e Investigação da História Dietética. Dos idosos entrevistados, 70% eram mulheres; 48,5% possuíam entre 60 e 69 anos; 68,8% possuíam menos de 8 anos de escolaridade; 39,0%, renda familiar entre 2 e 5 salários mínimos; e 58,4% não praticava exercício físico. A hipertensão foi a doença mais prevalente, e 54,9% dos idosos estavam abaixo do peso. Os homens consumiam mais calorias, proteínas, fibras, minerais e vitaminas do que as mulheres. O consumo de carboidrato e cálcio aumentou conforme o avanço da idade, assim como diminuiu a ingestão de zinco. A prática de exercício físico elevou o consumo de calorias, magnésio, potássio e fósforo. Quanto maior a escolaridade, maior é o consumo de vitaminas B6 e B12; quanto maior a renda familiar, maior o consumo de vitamina B6 e ácido fólico. Os resultados demonstram que há deficiências nutricionais na alimentação diária da nossa população de idosos, principalmente entre as mulheres e os indivíduos acima de 80 anos.

  4. Fatores associados ao padrão de consumo alimentar da população brasileira urbana Factors associated with dietary patterns in the urban Brazilian population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Sichieri

    2003-01-01

    Full Text Available Avaliou-se os fatores que explicariam diferentes padrões de consumo alimentar da população urbana brasileira, com base na Pesquisa sobre Padrões de Vida, realizada no Nordeste e no Sudeste em 1996-1997. Foram incluídos os dados de consumo familiar (últimos 14 dias a partir de uma listagem com 28 alimentos de 5.121 adultos na faixa etária de 20 a 50 anos, após exclusão das gestantes, das lactantes e das pessoas que referiram problema de saúde crônico. Os padrões de consumo alimentar foram definidos pela análise de componentes principais, onde o valor de carga de uma determinada variável (alimento é proporcional à sua contribuição para o fator (padrão de consumo em questão, com a carga negativa indicando que a variável está inversamente associada com o fator, enquanto a positiva indica uma associação direta. A Região Nordeste comparada à Região Sudeste associou-se negativamente a um padrão misto, quando todos os alimentos foram igualmente importantes. O índice de massa corporal associou-se positivamente ao padrão misto, e praticar atividade física e ser negro associou-se negativamente a este padrão. Escolaridade e renda foram as variáveis que mais explicaram o consumo alimentar, mas mesmo ajustando por elas, a região de residência foi o terceiro maior componente explicativo.This study evaluated factors associated with dietary patterns in the Brazilian population based on the Living Standards Survey conducted in the Northeast and Southeast regions of the country. Multi-stage probability sampling was employed to select the households, and for the present analysis 5,121 adults aged 20 to 50 years were included. Pregnant women and individuals reporting chronic health conditions were excluded. Through principal component analysis, two major family dietary patterns were identified: a mixed pattern, in which all groups and foods have approximately the same factor loading, and a second pattern based main1y on rice and

  5. Avaliação do consumo alimentar residual em touros jovens da raça Nelore Mocho em prova de desempenho animal - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i4.6464 Evaluation of residual feed intake in young bulls of the Polled Nellore breed in a performance test - DOI: 10.4025/actascianimsci.v30i4.6464

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivone Yurika Mizubuti

    2009-03-01

    Full Text Available Este trabalho avaliou as características: idade, peso, ganho de peso diário (GPD, ingestão de matéria seca (IMS, conversão alimentar (CA, eficiência alimentar (EA e consumo alimentar residual (CAR de tourinhos da raça Nelore Mocho em prova de desempenho animal (PDA. Foram utilizados 30 animais, inteiros, com idade inicial de 243,6±30,4 dias. Alimentos e sobras individuais foram quantificados diariamente. A classificação baseou-se no índice de prova de desempenho animal (IPDA. Para CAR não houve diferença (p > 0,05 entre a média dos grupos. As variáveis peso e GPD não foram correlacionadas com CAR. Houve alta correlação entre CAR e CA. EA e CA apresentaram correlação com CAR. O IPDA apresentou alta correlação com a IMS (r = 0,75. Comparado o CAR médio entre os tourinhos, observou-se que animais menos eficientes apresentaram IMS 27,7% superior aos animais mais eficientes. A variável IPDA não identificou os mais eficientes na utilização de alimentos, pois houve baixas correlações com CA, EA e CAR. Pode-se concluir que a seleção de tourinhos pelo IPDA elege os que ganham mais peso, porém estes apresentam maior IMS. É possível aprimorar a metodologia de seleção com a inclusão do CAR.This study evaluated the characteristics: age, weight, daily weight gain (DWG, dry matter intake (DMI, feed conversion (FC, feed efficiency (FE and residual feed intake (RFI of young bulls of the Polled Nellore breed in a performance test. Thirty bulls, with initial age of 243.6±30.4 days were used. Dry Matter Intake (DMI was quantified daily for each animal. The animals were classified by the performance test index (PTI. RFI did not show differences (p > 0.05 among the averages of the groups. The variables weight and DWG were not correlated with RFI. There was high correlation between RFI and FC. FE and FC showed correlation with RFI. The PTI showed high correlation with DMI (r = 0.75. When comparing mean RFI among the bulls, it was

  6. Proposta metodológica para o módulo de consumo alimentar pessoal na pesquisa brasileira de orçamentos familiares Methodological proposal for the individual food intake module of the Brazilian household budget survey

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edna Massae Yokoo

    2008-12-01

    Full Text Available As alterações que vêm ocorrendo no cenário epidemiológico brasileiro, nas últimas décadas, resultam de profundas modificações sociais e econômicas que incluem, entre outros aspectos, mudanças nos hábitos de alimentação. No Brasil, o único estudo que investigou o consumo alimentar da família com abrangência nacional foi o Estudo Nacional sobre Despesa Familiar, em 1974-1975. Embora sejam de utilidade incontestável, estudos nacionais de consumo alimentar são onerosos e poucos países conseguem desenvolvê-los regularmente. Por outro lado, as pesquisas de orçamentos familiares são importantes fontes de dados de disponibilidade de alimentos no domicílio, a qual é inferida a partir do registro da compra de produtos alimentícios. As recentes modificações nos hábitos de consumo, particularmente, a realização de refeições fora do domicílio constituem limitações para a utilização de dados das pesquisas brasileira de orçamentos familiares como estimativa do consumo alimentar. Assim, o governo brasileiro propôs que a próxima pesquisa de orçamento familiar, a ser desenvolvida em 2008-2009, incluísse um módulo de consumo alimentar individual. As informações sobre o consumo dietético individual serão utilizadas para completar os dados sobre compra de alimentos. O objetivo deste trabalho é relatar a construção e o desenvolvimento da metodologia a ser utilizada no módulo de consumo alimentar individual da pesquisa de orçamento familiar 2008-2009. Os dados a serem obtidos serão combinados com as informações de disponibilidade de alimentos no domicílio para estimar o consumo alimentar usual individual.The changes that have been happening in the Brazilian epidemiological scenario in the last decades result from deep social and economic modifications that include, among other things, changes in dietary habits. In Brazil, the only study that investigated family food consumption nationally was the National Family

  7. Desenvolvimento de um questionário de frequência alimentar (QFA-açúcar para quantificar o consumo de sacarose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Aurina Gonçalves

    2012-01-01

    Full Text Available Introdução: Evidências indicam a relação entre o consumo excessivo de açúcar pela população mundial e o desenvolvimento de doenças crônicas como cárie, obesidade, diabetes e câncer. Objetivo: Descrever o desenvolvimento de um QFA que permita quantificar em massa o consumo de açúcar em amostra da população adulta de Porto Alegre, com base na adaptação do QFA-Porto Alegre. Métodos: A lista de alimentos e o modelo de registro de QFA foram elaborados por meio da abordagem de pesquisa qualitativa denominada grupo focal. A quantificação do açúcar dos alimentos seguiu o método físico-químico de análise de alimentos de Fehling, ou a leitura da tabela de composição de alimentos do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA. O QFA-açúcar foi avaliado por juízes com experiência na elaboração e aplicação de QFA. Resultados: Dos 135 itens alimentares do QFA-Porto Alegre, o grupo focal selecionou 105 para a quantificação. Dentre estes, 40 alimentos não apresentaram sacarose, 7 alimentos agrupados no mesmo item foram individualizados, 5 itens considerados sem açúcar foram mantidos na lista, 1 item foi acrescentado e 1 foi modificado. Os juízes acrescentaram 4 itens e incluíram legenda referente à unidade de tempo e medidas caseiras médias. O QFA-açúcar final contém 94 itens. Conclusão: O QFA-açúcar possui relevâncias e limitações, contudo pode ser aprimorado. Encontra-se em processo de reprodutibilidade e validação e, após, poderá ser utilizado em estudos epidemiológicos para investigar a associação entre consumo de açúcar, doenças crônicas não transmissíveis e cárie na população adulta de Porto Alegre.

  8. Desenho de um questionário de frequência alimentar digital autoaplicado para avaliar o consumo alimentar de adolescentes e adultos jovens: coortes de nascimentos de Pelotas, Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Celestino Schneider

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Artigo metodológico com o objetivo de descrever a construção de um questionário de frequência alimentar (QFA digital autoaplicado, desenvolvido para as coortes de nascimentos de Pelotas de 1982 e 1993. Métodos: O instrumento foi criado com base em QFAs anteriormente utilizados nas duas coortes em acompanhamentos nos anos de 2004 e 2008. O QFA foi elaborado incluindo 88 alimentos e/ou preparações cujas frequências foram agrupadas em categorias desde o valor mínimo de consumo de nunca ou < 1 vez/mês até o máximo de ≥ 5 vezes/dia. As opções fechadas relativas à porção foram construídas considerando recordatórios de 24 horas (R24Hs anteriormente aplicados à subamostra da coorte de 1993. Três alternativas de porção foram construídas: igual, menos ou mais. A porção igual foi descrita com base no percentil 50 do consumo de cada alimento, obtido a partir das distribuições das porções constantes nos R24H. Fotos das porções relativas ao percentil 50 de cada alimento foram também incluídas ao formato do programa. Resultados: Esse QFA digital incluiu alimentos e preparações que atendem aos objetivos das pesquisas atuais. A aparência do programa foi atrativa à equipe de trabalho e também aos participantes do estudo. O tempo médio de aplicação de 12 minutos e a facilidade de preenchimento possibilitaram que vários participantes respondessem às questões ao mesmo tempo. Além disso, o instrumento dispensou a necessidade de entrevistador e a dupla entrada de dados em programa específico. Conclusão: Recomenda-se o uso dessa mesma estratégia em outros estudos, adaptando-a aos diferentes contextos e situações.

  9. Transtornos alimentares em homens abstinentes de substâncias psicoativas em tratamento ambulatorial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cássia Medino Soares

    2017-01-01

    importante que sejam promovidas novas estratégias terapêuticas para o melhor atendimento nutricional dos indivíduos em abstinência.   Palavras-chave: Transtornos por Uso de Substância Psicoativa; Síndrome de Abstinência a Substâncias; Transtorno da Compulsão Alimentar; Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína; Dopaminérgicos; Alcoolismo, Obesidade.

  10. Hábitos alimentares entre funcionários de banco estatal: padrão de consumo alimentar Eating habits among employees of a state-owned bank: food consumption profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Jesus Mendes da Fonseca

    1999-01-01

    Full Text Available Com o objetivo de identificar as condições de saúde dos funcionários de um banco estatal, no Estado do Rio de Janeiro, realizou-se estudo seccional em dois setores do banco, através de amostragem sistemática. Entre as condições de saúde, o perfil dos hábitos alimentares foi investigado mediante questionário de freqüência de consumo de grupos de alimentos, analisado por meio de medida-resumo (escore alimentar. Embora a maior parte da população apresente bons hábitos alimentares, os resultados confirmaram grande diferença entre os sexos: cerca de 60% dos homens apresentaram escores maiores do que a média da população (51,2, comparados a 45% das mulheres. Além disso, foi possível verificar que os homens, principalmente os mais jovens, consomem maior quantidade de alimentos com gordura saturada, sal ou açúcar, quando comparados às mulheres. Os achados indicam que a qualidade da dieta junto a outros hábitos e comportamentos, como tabagismo e sedentarismo, devem fazer parte de programas de promoção da saúde no ambiente de trabalho, visando controlar as doenças cardiovasculares e outros agravos.In order to investigate the health conditions of current employees in a government-owned bank in the State of Rio de Janeiro, we performed a cross-sectional study in two departments where systematic sampling was applied. Among the health conditions, we focused on the employees' eating habit profile using a questionnaire on frequency of food group consumption analyzed through a summary measure (eating score. Although the majority of the study population display good eating habits, the results confirmed a major difference between genders. Some 60% of men had scores higher than the population mean (51.2, as compared to only 45% of women. In addition, we observed that men, and particularly younger men, consumed more foodstuffs that were rich in saturated fat, salt, and sugar as compared to women. The findings indicate that quality of

  11. AVALIAÇÃO DO RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE TRANSTORNOS ALIMENTARES EM ALUNAS DO ENSINO MÉDIO DE ESCOLAS PARTICULARES, ARACAJU - SE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA DE FáTIMA MELO SILVEIRA

    2009-09-01

    Full Text Available

    Os transtornos alimentares são quadros psiquiátricos caracterizados por uma grave perturbação do comportamento alimentar, sendo a Anorexia e Bulimia Nervosa os dois tipos principais, os quais afetam principalmente adolescentes femininas e adultas jovens. O objetivo do trabalho foi avaliar o risco de alunas do ensino médio em escolas particulares de Aracaju-SE de desenvolverem transtornos alimentares dos tipos Anorexia e Bulimia Nervosa. Utilizou-se um questionário autopreenchível (com validação primária em 320 alunas, de 14 a 18 anos de idade, que aceitaram responder às questões sobre comportamento alimentar, imagem corporal, entre outras. O risco de desenvolvimento de transtornos alimentares na população avaliada foi evidenciado por determinadas manifestações, como a prática de dietas (39,0%, uso de medicamentos para emagrecer (10,8%, consumo compulsivo excessivo de alimentos (40,7% e eventos bulímicos (7,8%. Tendo em vista que a insatisfação corporal é um dos fatores principais que modulam a gênese dos distúrbios alimentares, o desgosto pelo próprio corpo (40,3%, apresentado pelas alunas analisadas, revelou a possibilidade de desenvolverem Anorexia e Bulimia Nervosa. Os resultados indicam a substancial necessidade de prevenção desses transtornos por meio de folderes e palestras, além da capacitação de profissionais da saúde e professores de ensino médio para a detecção do problema.

  12. Ritmos circadianos de consumo alimentar nos lanches e refeições de adultos: aplicação do semanário alimentar Food consumption circadian rhythms in adult snacks and meals: application to weekly menu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heide Gauche

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo descreve o perfil alimentar de indivíduos saudáveis, em seu ambiente natural, a partir da análise da ingestão de energia e macronutrientes nos lanches e refeições e sua distribuição circadiana. MÉTODOS: Dezessete voluntários, professores e funcionários técnico-administrativos de uma instituição de ensino de Florianópolis com idade média de 46,71 (±2,2 anos, e índice de massa corporal médio de 24,93 (±0,9 kg/m² registraram, durante sete dias consecutivos, o tipo e a quantidade de alimentos e bebidas consumidos, especificando o modo de preparo, o tipo de evento alimentar (refeição ou lanche, a hora do dia e o dia da semana. RESULTADOS: Realizaram-se, em média, 2,7 refeições e 3,2 lanches diariamente. Os lanches e as refeições mostraram diferenças entre si, tanto em relação à proporção de macronutrientes quanto ao valor energético total. As refeições forneceram cerca de três vezes mais calorias que os lanches e foram compostas, predominantemente, por proteínas e lipídios, enquanto nos lanches predominaram os carboidratos. A hora do dia também mostrou exercer influência no consumo. CONCLUSÃO: No período das 12h às 15h59min, o consumo foi significativamente maior que nos demais momentos do dia, mas não se observou um aumento significativo do consumo energético total nos dias do fim de semana.OBJECTIVE: This study describes the food profile of healthy individuals in their natural environment, analyzing the energy and macronutrient ingestion during meals and snacks and their circadian distribution. METHODS: Seventeen volunteers, professors and administrative technicians of an educational institution in Florianópolis, Brazil, with an average age of 46.71 (±2.2 years, and average body mass index of 24.93 (±0.9 kg/m², registered the type and quantity of food and drink consumed during seven consecutive days, specifying the type of preparation, the eating event (meal or snack, the hour

  13. Avaliação antropométrica e consumo alimentar em crianças menores de cinco anos residentes em um município da região do semiárido nordestino com cobertura parcial do programa bolsa família Anthropometric assessment and food intake of children younger than 5 years of age from a city in the semi-arid area of the Northeastern region of Brazil partially covered by the bolsa família program

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Regina Dias Médici Saldiva

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar as condições de saúde e nutrição de crianças menores de cinco anos, e associar a qualidade do consumo alimentar aos beneficiários do Programa Bolsa Família de um município do semiárido brasileiro. MÉTODOS: Foram avaliadas 189 crianças, a partir de uma amostragem de 411 domicílios do município de João Câmara (RN. Foram realizadas medidas de peso e altura, e levantadas às condições socioeconômicas e determinação dos hábitos alimentares. Para o diagnóstico nutricional das crianças foram utilizados os indicadores Peso/Idade, Altura/Idade e Peso/Altura. Análises univariadas foram realizadas e modelos bivariados e multivariados de regressão logística foram construídos para testar a hipótese do estudo. RESULTADOS: O déficit de peso foi de 4,3% e o de altura de 9,9%, e o excesso de peso de 14,0%. Não foram encontradas diferenças estatísticas entre o estado nutricional de crianças beneficiárias e não beneficiárias do Programa Bolsa Família. Em ambos os grupos, os consumos de frutas, verduras e legumes foram baixos e semelhantes entre si. As crianças do programa bolsa família têm risco três vezes maior de consumir guloseimas (OR 3,06 - IC 1,35-6,95. CONCLUSÃO: Os resultados do padrão de consumo alimentar dessa população apontam para uma situação de "risco alimentar e nutricional", e exigem uma intervenção por parte dos profissionais de saúde para a promoção da alimentação saudável.OBJECTIVE: The objective of this study was to assess the health and nutritional status of children under five years of age and to associate the quality of the foods consumed with the Bolsa Família Program in a city located in the Brazilian semi-arid region. METHOD: A total of 189 children from a sample of 411 households in the city of João Câmara (RN were assessed. Weight and height were measured and socioeconomic and food habits were determined with the use of questionnaires. The nutritional status of

  14. O consumo alimentar de gestantes adolescentes no Município do Rio de Janeiro Food consumption by pregnant adolescents in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Cavalcante de Barros

    2004-01-01

    Full Text Available O crescimento da gravidez na adolescência é visto com preocupação pela área de saúde pública. O consumo de alimentos que atendam a alta demanda de nutrientes durante a gestação tem sido identificado como um componente relevante. O objetivo do estudo foi conhecer o consumo habitual dos alimentos e de energia e nutrientes entre gestantes adolescentes. Foram entrevistadas 1.180 mães adolescentes em maternidades do Município de Rio de Janeiro e aplicado um Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar semiquantitativo simplificado. Os alimentos referidos por pelo menos 50% delas foram arroz, açúcar, manteiga, pão, feijão, leite, refrigerante, sucos, legumes e laranja. Observa-se um menor consumo de sucos, legumes e frutas entre as menores de 15 anos. No primeiro quartil de consumo, a ingestão mínima recomendada de energia, ferro, folato, vitamina C e cálcio não foi alcançada. Encontrou-se uma associação inversa entre o número de pessoas no domicílio e o consumo de energia e nutrientes. O relato de informação sobre alimentação no pré-natal e a informação de mudança de alimentação durante a gravidez esteve associado a um melhor consumo de energia e nutrientes. A atenção pré-natal mostrou-se como um cuidado fundamental para melhores resultados na gestação.The increase in teenage pregnancy has been viewed with concern by public health experts. Food consumption to help maintain high nutrient demands has been identified as one of the most relevant components. This study aims to present the habitual consumption of food and energy-specific nutrients by pregnant adolescents. A total of 1,180 adolescent mothers were interviewed in maternity hospitals in the City of Rio de Janeiro, and a simplified questionnaire on semi-quantitative frequency of food consumption was applied. Lower consumption of fruit juice, vegetables, and fruits was observed among adolescent mothers over 15. Adolescent mothers classified in the

  15. Determinantes sociodemográficos, antropométricos e alimentares de dislipidemia em pré-escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana N. Nobre

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar os determinantes de dislipidemia em pré-escolares. MÉTODOS: A partir de um desenho transversal, foi avaliado um total de 227 pré-escolares com 5 anos de idade residentes em uma área urbana da cidade de Diamantina, Minas Gerais, Brasil. Foram avaliados: variáveis bioquímicas, antropométricas, condição socioeconômica e comportamental, a partir de um questinário; e ingestão alimentar, a partir de um questionário de fequência de consumo de alimentos. Os padrões alimentares denominados "dieta mista", "fast food" e "não saudável" foram identificados por meio de análise de componentes principais. Os determinantes de dislipidemia foram examinados através da análise de regressão de Poisson. RESULTADOS: A prevalência de dislipidemia, neste estudo, foi de 65,19%. Os pré-escolares que consumiam com menos frequência alimentos do padrão "dieta mista" tiveram um risco maior de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 2,30; p = 0,004, em comparação com aqueles com um consumo mais frequente do padrão "dieta mista". Os pré-escolares cujas mães apresentaram uma escolaridade mais baixa tiveram menor risco de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 0,43; p = 0,003, e os pré-escolares que estavam com sobrepeso/obesos apresentaram maior risco de concentrações mais altas de lipoproteína de baixa densidade (PR = 2,23; p = 0,003. CONCLUSÃO: Os determinantes de dislipidemia identificados neste estudo foram o consumo menos frequente de alimentos do padrão "dieta mista", índice de massa corporal mais alto e um maior nível de escolaridade materna. Este estudo mostra que, apesar da baixa idade do grupo em estudo, já estão apresentando alta prevalência de dislipidemia, que é um fator de risco importante para doença cardiovascular.

  16. Perfil antropométrico e consumo alimentar de adolescentes de Teixeira de Freitas - Bahia Anthropometric profile and food intake of adolescents in Teixeira de Freitas - Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jailda Silva Santos

    2005-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever o perfil antropométrico e o consumo alimentar de adolescentes das escolas públicas de um município do Estado da Bahia. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado com amostra aleatória por conglomerado de 354 alunos, dos 1.678 adolescentes de dezessete a dezenove anos matriculados nas 23 escolas elegíveis do município. Foram coletados dados sobre freqüência de consumo alimentar qualitativo e indicadores antropométricos, como o índice de massa corporal; pregas cutâneas triciptal e subescapular e o indicador altura/idade, segundo a Organização Mundial da Saúde. Realizou-se análise bivariada e estratificada, sendo a significância estatística verificada pelo qui-quadrado e teste exato de Fischer, com nível crítico de 5%. RESULTADOS: A análise antropométrica evidenciou maior prevalência de sobrepeso e obesidade (5,1% no sexo feminino e de magreza no masculino (6,4%; o déficit de crescimento foi observado em 25,0% dos adolescentes, sendo 15,0% de leve a moderado e 10,0% grave. Evidenciou-se também consumo habitual de arroz, feijão, farinha de mandioca, pão francês, manteiga, margarina, açúcar e café, sendo baixo o consumo de produtos lácteos, frutas, legumes e hortaliças; 96,6% dos adolescentes realizavam mais de três refeições diárias e mais de 80,0% alimentavam-se no domicílio. CONCLUSÃO: Os resultados apontam a necessidade de implementação de estratégias de prevenção dos problemas nutricionais por meio de uma alimentação e um estilo de vida saudáveis, assim como de estudos sobre os possíveis fatores comprometedores do crescimento dos adolescentes.OBJECTIVE: The objective was to describe the anthropometric profile and food intake in adolescents from public schools in a municipality of Bahia, Brazil. METHODS: A cross-sectional experimental design was employed with a random conglomerate sample of 354 adolescents, 17 to 19 years old, from a total of 1.678 students enrolled in 23

  17. Insegurança alimentar e indicadores antropométricos, dietéticos e sociais em estudos brasileiros: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dayane de Castro Morais

    2014-05-01

    Full Text Available Objetivou-se nesta revisão sistemática relacionar situação de insegurança alimentar, detectada pela Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA, com indicadores antropométricos, dietéticos e sociais. Realizou-se busca em bases eletrônicas (ScieLO, LILACS, MEDLINE, com seleção dos estudos pelos títulos e resumos, e posteriormente por leitura integral. Incluiu-se estudos identificados nas referências bibliográficas. Dos 215 revisados, 15 contemplaram critérios de inclusão (associação entre indicadores antropométricos, dietéticos ou sociais com insegurança alimentar, detectada pela EBIA, sendo que três contemplaram mais de uma variável de interesse. Observou-se relação entre insegurança alimentar e índices estatura/idade e peso/idade em crianças, e para obesidade em mulheres. Menor consumo de alimentos reguladores, construtores e ferro, e maior consumo de carboidratos associou-se à insegurança alimentar. Houve relação entre indicadores sociais, como menor renda e escolaridade, ausência de vínculo empregatício e saneamento básico. A EBIA apresentou associação, em alguns estudos, com indicadores nutricionais e sociais, mas deve ser utilizada conjuntamente com outros instrumentos, visando abranger múltiplas dimensões da segurança alimentar e nutricional.

  18. Estado nutricional e consumo alimentar de mulheres jovens na fase lútea e folicular do ciclo menstrual Nutritional status and food consumption of young women in the luteal and follicular phases of the menstrual cycle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Almenara Silva dos Santos

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional e a ingestão alimentar de mulheres adultas sadias durante o ciclo menstrual. MÉTODOS: Quarenta e cinco voluntárias foram acompanhadas durante três meses. A avaliação do estado nutricional foi baseada no índice de massa corporal, porcentagem de gordura e água corporal. Foram aplicados seis registros alimentares para análise da ingestão dos grupos de alimentos, usando como base o guia alimentar da pirâmide. Para a observação do sintoma "desejos alimentares", foram utilizados três "mapas de sintomas diários". RESULTADOS: Os valores médios de índice de massa corporal e de porcentagem de gordura corporal apresentaram-se normais em ambas as fases, entretanto foi observado maior percentual de mulheres com água corporal acima do padrão na fase lútea (77%. O consumo de alimentos do grupo complementar foi maior na fase lútea. Todos os outros grupos de alimentos, com exceção do grupo de carnes, apresentaram consumo inferior às recomendações, em ambas as fases. A intensidade do sintoma "desejos alimentares" foi leve durante o ciclo menstrual, não sendo observada diferença significativa entre as fases. O sintoma "desejos alimentares" associou-se positivamente com o aumento da ingestão do grupo complementar na fase lútea. CONCLUSÃO: O ciclo menstrual influencia o comportamento alimentar e leva à retenção hídrica, na fase lútea, em mulheres adultas sadias.OBJECTIVE: This study assessed the nutritional status and food intake of healthy young women during the menstrual cycle. METHODS: Forty-five volunteers were followed for three months. Their nutritional status was determined by body mass index, body fat and total body water. Six food recall instruments were used to evaluate food group intake according to the food guide pyramid. Food cravings were detected by three daily symptom charts. RESULTS: The mean body mass index and body fat were normal in both phases; however, there was a higher

  19. Ingestão alimentar em estudos epidemiológicos Food intake in epidemiological studies

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cristine Souza Lopes

    2003-09-01

    Full Text Available A epidemiologia da nutrição dispõe de uma gama de metodologias para avaliar o estado nutricional. Entretanto, os métodos dietéticos são os únicos capazes de detectar a deficiência nutricional em seu estágio inicial, sendo por isso bastante utilizados em estudos epidemiológicos de associação entre exposições e eventos. Atualmente, o método dietético mais indicado para estudos epidemiológicos, principalmente aqueles envolvendo doenças crônico-degenerativas, tem sido o questionário semiquantitativo de freqüência alimentar (QSFA. Este instrumento, não diferente de outros, está sujeito à variabilidade e a erros de medida. Entretanto, estes podem ser identificados e tratados utilizando-se métodos como comparação de médias dietéticas, estudos de confiabilidade, de validação relativa e de calibração. Em estudo realizado em Bambuí-MG, o consumo de nutrientes foi avaliado por três diferentes métodos: QSFA e recordatórios 24 horas (R24 com e sem réplicas de alimentos, tendo suas médias comparadas e calibradas. As médias encontradas pelo QSFA foram consistentemente maiores do que as dos R24. No entanto, quando essas foram ajustadas pelo consumo calórico total não apresentaram diferenças importantes, exceto para fibras; zinco; vitaminas C; B6, e E; e colesterol. E as médias calibradas foram, em geral, menores do que as não calibradas, sendo estatisticamente significantes para ingestão de lipídeos; fibras; zinco; vitaminas C, E e A; ácidos graxos saturados, monoinsaturados e poliinsaturados; e colesterol.There are several approaches aiming to evaluate nutritional status available for epidemiological studies. Dietary methods are some of the most recommended because of their ability to detect nutritional deficiency in its initial stage. Currently, the Semiquantitative Food Frequency Questionnaire (SFFQ has been chosen as the best dietary method, especially when dealing with chronic degenerative diseases. This

  20. ATITUDES DO CONSUMIDOR EM RELAÇÃO A UM PRODUTO ALIMENTAR: TENDÊNCIAS DO SETOR DE ALIMENTOS CONGELADOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislayne Silva Goulart

    2016-03-01

    Full Text Available Este artigo apresenta os resultados de um estudo exploratório, que pretendeu identificar a atitude de 476 consumidores de Campo Grande/MS em relação a um produto alimentar [pão de queijo congelado] e as variáveis socioeconômicas que mais determinam a frequência de consumo do mesmo. Este estudo faz parte de uma pesquisa maior, financiada pelo CNPq, que está sendo desenvolvida em parceria entre UFMS e o SENAI/MS. Para o tratamento dos dados, foi realizada a análise estatística descritiva, seguida da análise Multinomial Logit com o auxílio do software Stata. Os resultados dessas análises permitiram identificar que independente da frequência de compra, mais da metade dos consumidores de alimentos agrupados em cada nível de frequência de compra consideram que pão de queijo congelado é sinônimo de comida prática/rápida e que as variáveis socioeconômicas – gênero, escolaridade, renda e situação conjugal são estatisticamente significativas. Assim, são determinantes da frequência de compra do produto.

  1. Adolescentes modelos de passarela: como é o consumo alimentar deste grupo? Adolescent runway models: how is the food intake of this group?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra Magna Rodrigues

    2010-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a adequação da ingestão de energia, macro e micronutrientes em adolescentes modelos de passarela. MÉTODOS: Estudo transversal de 33 adolescentes modelos e 33 não modelos, de 15 a 18 anos, pareadas por idade e índice de massa corpórea (IMC. A ingestão alimentar foi avaliada por meio de registro alimentar de três dias, sendo calculados os valores médios de energia, em kcal, os valores proporcionais dos macronutrientes em relação ao valor calórico total da dieta consumida, bem como os valores médios/medianos dos seguintes micronutrientes: cálcio, ferro, zinco, fósforo, magnésio, folato, vitamina D, vitamina C, vitamina A e vitamina E. RESULTADOS: Verificou-se que 24% das adolescentes do estudo apresentaram IMC abaixo dos valores mínimos para a idade. A média de ingestão de energia foi menor entre as modelos, em comparação às adolescentes não modelos (1.480,93±582,95 versus 1.973,00±557,63 kcal (p0,05. O consumo inadequado de micronutrientes como o cálcio, ferro, zinco, magnésio, fósforo, vitaminas lipossolúveis, folato e ácido ascórbico ocorreu em ambos os grupos. CONCLUSÕES: A baixa ingestão energética (kcal entre as modelos e a ingestão insuficiente de minerais e vitaminas alertam para que as agências de modelos comprometam-se com a saúde dessas adolescentes, garantindo um acompanhamento médico e nutricional.OBJECTIVE: To evaluate the adequacy of energy, macro and micronutrients intake in adolescent runway models. METHODS: This cross-sectional study enrolled 33 models and 33 non-models, with ages ranging from 15 to 18 years, paired by age and body mass index (BMI. Food intake was evaluated by a three-day food record. The average energy values were estimated in kcal, the proportional values of macronutrients as to the total caloric value of the consumed diet were also calculated, as well as the mean/medium values of the following micronutrients: calcium, iron, zinc, phosphorus, magnesium

  2. Mudanças no consumo alimentar de mulheres do Município do Rio de Janeiro, Brasil, 1995-2005 Changing in dietary intake by women in the Municipality of Rio de Janeiro, Brazil, from 1995 to 2005

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Alves Pereira

    2009-11-01

    Full Text Available Compara-se o consumo alimentar de mulheres de 35 anos e mais investigado em dois estudos transversais de base populacional desenvolvidos no Rio de Janeiro, Brasil, em 1995-1996 (n = 1.014 e 2004-2005 (n = 1.001. Utilizou-se questionário de freqüência do consumo de alimentos para estimar o consumo de alimentos e o índice de massa corporal (IMC = peso/estatura² para avaliar o estado nutricional. A prevalência da obesidade (IMC 30kg/m² aumentou no período de 10 anos (16,6% para 24%. O consumo de diversos alimentos com alta densidade energética sofreu incremento, como: biscoitos salgados, doces, bacon, lingüiça/salsicha e hambúrguer. Outros foram relatados com menor freqüência: manteiga/margarina, maionese, batata frita ou chips, e açúcar. Frutas, leite, feijão, raízes e tubérculos, e carnes tiveram redução do consumo. Mulheres com escolaridade elevada apresentaram maior redução no consumo de frutas e carnes. As mudanças na prevalência da obesidade parecem estar relacionadas com as modificações do consumo de alimentos e dependentes do grau de escolarização.This article compares food intake by women 35 years or older in two population-based cross-sectional studies in Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996 (n = 1,014 and 2004-2005 (n = 1,001. Food intake was assessed with a food-frequency questionnaire, and nutritional status was defined according to body mass index (BMI = weight/height². Prevalence of obesity (BMI 30kg/m² increased in the ten-year period (16.6% to 24%. Many high energy density (kcal/g foods showed a statistically significant increase in the period, such as crackers, candies, bacon, sausage, and hamburger. Some high energy density items were reported less frequently: butter, mayonnaise, potato chips, and sugar. The intake of fruits, milk, beans, roots and potatoes, and meat decreased in the 10-year period. Women with more education showed a larger reduction in fruit and meat intake and a smaller reduction

  3. Determinantes do consumo de frutas e hortaliças em adolescentes por regressão quantílica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Schein Bigio

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o consumo de frutas, legumes e verduras (FLV de adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 812 adolescentes de ambos os sexos de São Paulo, SP, em 2003. O consumo alimentar foi medido pelo recordatório alimentar de 24 horas. O consumo de FLV foi descrito em percentis e para investigar a associação entre a ingestão de FLV e variáveis explanatórias; foram utilizados modelos de regressão quantílica. RESULTADOS: Dos adolescentes entrevistados, 6,4% consumiram a recomendação mínima de 400 g/dia de FLV e 22% não consumiram nenhum tipo de FLV. Nos modelos de regressão quantílica, ajustados pelo consumo energético, faixa etária e sexo, a renda domiciliar per capita e a escolaridade do chefe de família associaram-se positivamente ao consumo de FLV, enquanto o hábito de fumar associou-se negativamente. Renda associou-se significativamente aos menores percentis de ingestão (p20 ao p55; tabagismo aos percentis intermediários (p45 ao p75 e escolaridade do chefe de família aos percentis finais de consumo de FLV (p70 ao p95. CONCLUSÕES: O consumo de FLV por adolescentes paulistanos mostrou-se abaixo das recomendações do Ministério da Saúde e é influenciado pela renda domiciliar per capita, pela escolaridade do chefe de família e pelo hábito de fumar.

  4. Associação entre estado nutricional, hábitos alimentares e nível de atividade física em escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorene G. Coelho

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a relação entre estado nutricional, hábitos alimentares e nível de atividade física em escolares. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com 661 escolares de 6-14 anos de idade, matriculados nas escolas públicas e privadas da área urbana da cidade. Um questionário semiestruturado foi aplicado para coleta das variáveis demográficas, socioeconômicas, antropométricas e nível de atividade física. Os escolares foram classificados segundo critérios para índice de massa corporal por idade, percentual de gordura corporal e nível de atividade física, respectivamente. Os dados dietéticos foram obtidos por meio de questionário de frequência alimentar validado e específico para crianças e adolescentes, a partir do qual o consumo alimentar foi avaliado segundo o Recommended Foods Score adaptado, cuja finalidade é a avaliação da qualidade global da dieta com enfoque no consumo de alimentos saudáveis. RESULTADOS: Elevadas frequências de excesso de peso segundo índice de massa corporal por idade (20,1% e percentual de gordura corporal (22,8%, bem como inatividade física (80,3%, foram observadas entre os escolares. Baixas pontuações no escore de consumo foram encontradas para 77,2% dos escolares. Não foi observada associação significativa entre o excesso de peso e inatividade física ou consumo alimentar (p > 0,05. CONCLUSÃO: Os escolares apresentaram elevada frequência de excesso de peso, que de forma isolada não foi associada a alta inatividade física e baixa qualidade da dieta. Assim, mais estudos devem ser realizados para identificar outros fatores além dos descritos que possam estar influenciando a presença do excesso de peso nessa população.

  5. Seguranca alimentar, renda e Programa Bolsa Familia: estudo de coorte em municipios do interior da Paraiba, Brasil, 2005-2011

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Sousa Cabral

    2014-02-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo avaliar o impacto do Programa Bolsa Família na superação da Insegurança Alimentar. Realizou-se um estudo de coorte em 2005 e 2011, em amostra de famílias residentes em São José dos Ramos e Nova Floresta, Paraíba, Brasil. Em 2005 foram avaliados 609 domicílios e em 2011 foram encontradas e entrevistadas 406 famílias. Houve aumento da segurança alimentar/insegurança alimentar leve e melhoria nos indicadores socioeconômicos. Percebeu-se uma relação significativa entre a elevação da renda e a melhoria dos níveis de Insegurança Alimentar. O programa impacta positivamente no aumento da renda, propiciando melhorias dos níveis de segurança alimentar/insegurança alimentar leve. Percebeu-se que outras variáveis socioeconômicas podem estar contribuindo na melhoria deste perfil. Diante disso, no combate à insegurança alimentar e nutricional, são necessárias outras políticas e programas que ajam nos demais determinantes.

  6. Padroes alimentares de criancas menores de cinco anos de idade residentes na capital e em municipios da Bahia, Brasil, 1996 e 1999/2000

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sheila Maria Alvim de Matos

    2014-01-01

    Full Text Available Estudo transversal com 3.817 pré-escolares, 1.770 residentes em Salvador, Bahia, Brasil, e 2.047 nas áreas urbana e rural de 10 municípios baianos. Utilizou-se recordatório de 24 horas (R24h e empregou-se análise fatorial por componentes principais com objetivo de identificar e comparar os principais padrões alimentares dessas crianças. Estratificou-se a amostra por idade e área. Antes dos seis meses de vida o leite materno compôs o 2o e 3o padrões com carga positiva para crianças dos dez municípios. Para menores de 17 meses, o padrão 1 foi caracterizado por leite de vaca, farinhas e açúcares. Em áreas urbanas, pão/biscoito, arroz, feijão e carne integraram o padrão 2 aos 6-17 meses. Aos 18-23 meses, o padrão 1 apresentou carga negativa para açúcares, leite de vaca e farinhas, exceto na área rural. Frutas não fizeram parte do padrão 1 no grupo de 24 meses e mais. Observou-se baixo consumo de leite materno e pouca variação de frutas e legumes a partir dos seis meses. Tal perfil de consumo alimentar indica a necessidade de intervenções cada vez mais precoces para promoção de hábitos alimentares saudáveis.

  7. Um breve percurso histórico e cultural do alimento: Questionamentos sobre consumo alimentar, cultura e educação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Terezinha Camargo Pompeo Vinha

    2017-05-01

    Full Text Available The text that is presented offers a feast of ideas that are open to reflection on food, eating habits and their historically situated uses. The objective of this study is to indicate and interpret the discursive language of the possible meanings of food and its multiple affections in human consumption that crosses the interfaces between the dimensions of education and health. This writing goes through the methodological path of historiographical and philosophical research based on the reference to researchers of the theme of food, nourishment and eating habits, understanding that these habits are located in the field of culture and are not universal, inserting in the history as a cultural object. The results point to the importance of reflections and critical discussions, making it possible to understand the theme not only as an essential element for human subsistence, but also as a consumer product created according to the productive models available as an element carrier of ideologies and different readings in time and space. In this study we intend to substantiate knowledge about the theme of food and nutrition, with new possibilities for reflection. O texto que se apresenta oferece um banquete de ideias que se dispõem à reflexão a respeito do alimento, dos hábitos alimentares e de seus usos historicamente situados. O objetivo deste estudo é indicar e interpretar a linguagem discursiva depreendida dos possíveis significados do alimento e suas múltiplas afetações no consumo humano que perpassa as interfaces entre as dimensões da educação e da saúde. Nossa escrita percorre o caminho metodológico da investigação historiográfica e filosófica com base na referência a pesquisadores do tema do alimento, da alimentação e dos hábitos alimentares, entendendo que estes hábitos se situam no campo da cultura e não são universais, inserindo-se na história como objeto cultural. Os resultados encontrados apontam para a import

  8. Segurança Alimentar e Consumo: Rastreabilidade e Certificação de Grãos GM e NON-GM

    OpenAIRE

    Myszczuk, Ana Paula; Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR; Wandscheer, Clarissa Bueno; Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR; Glitz, Frederico; Universidade Federal do Paraná – UFPR

    2010-01-01

    As graves crises alimentares ocorridas na Europa na década de 90 mudaram o cenário mundial referente à produção de alimentos, e, no que diz respeito aos organismos geneticamente modificados, em razão da inexistência de estudos conclusivos a respeito de seus efeitos sobre a saúde humana e ao meio ambiente, exige-se cautela na sua produção, apresentando-se a rastreabilidade e os sistemas de identidade preservada como alternativas para garantir a segurança alimentar do consumidor. O presente art...

  9. Aversão alimentar condicionada para o controle da intoxicação por Ipomoea carnea subsp. fistulosa em caprinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano A. Pimentel

    2013-06-01

    Full Text Available A aversão alimentar condicionada é uma técnica que pode ser utilizada em animais para evitar a ingestão de plantas tóxicas. O presente estudo teve como objetivo testar a eficiência e durabilidade da aversão alimentar condicionada em caprinos para evitar o consumo de Ipomoea carnea subsp. fistulosa. Foram utilizados 14 caprinos jovens da raça Moxotó, que foram adaptados ao consumo da planta. Inicialmente foi administrada I. carnea subsp. fistulosa dessecada e triturada misturada à ração concentrada por 30 dias e, posteriormente, foi fornecida a planta verde por mais 10 dias. Para constatação da adaptação ao consumo da planta os caprinos foram colocados a pastar em um piquete de 510 m² onde tinha sido plantada I. carnea subsp. fistulosa em uma área de 30m² (10 plantas/m². No 42º dia de experimento, após a constatação do consumo espontâneo os animais receberam a planta verde individualmente na baia por alguns minutos, e todos os animais que consumiam qualquer quantidade da planta foram tratados com uma solução de LiCl na dose 175mg por kg de peso vivo. Este procedimento repetiu-se por mais dois dias. Posteriormente, os caprinos foram divididos em dois grupos: Grupo 1 com seis animais, quatro deles avertidos e dois não avertidos (facilitadores; e o Grupo 2, com oito caprinos, todos avertidos. Para constatar a eficiência e duração da aversão e a influência de animais facilitadores na durabilidade da aversão, os caprinos foram colocados a pastar, em dias alternados, três dias por semana, durante duas horas, no piquete plantado com I. carnea subsp. fistulosa. Por 12 meses os animais foram monitorados durante o pastejo, identificando-se o consumo e a preferência dos animais pelas plantas presentes no piquete. No Grupo 1 tanto os caprinos avertidos quanto os não avertidos iniciaram a ingerir a planta em 1-6 semanas e gradualmente foram aumentando a planta consumida, mas nunca a ingeriram exclusivamente. Nenhum caprino

  10. Subnotificação da ingestão energética na avaliação do consumo alimentar Underreporting of energy intake in dietary assessment methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Baeza Scagliusi

    2003-12-01

    Full Text Available Informações válidas sobre o consumo de energia e nutrientes são um pré-requisito em muitas pesquisas de nutrição humana, principalmente nos estudos epidemiológicos sobre dieta e saúde. Até o advento da água duplamente marcada, não era possível validar as avaliações do consumo energético de forma externa e independente. Este marcador demonstrou a existência de significativa subnotificação da ingestão energética. Esta pesquisa objetiva discutir os principais aspectos relacionados a tal fenômeno: prevalência, determinantes, especificidade de nutrientes e formas de controle. O sub-relato parece estar associado à obesidade e a características psicossociais, como a restrição dietética e o desejo de ajuste social. Todos os métodos de avaliação do consumo possuem erros inerentes, sendo portanto suscetíveis à sub ou superestimação (menos comum. O sub-relato demonstra atingir predominantemente alimentos específicos, ricos em lipídeos e carboidratos, o que insere grande viés nas inferências baseadas em levantamentos do consumo alimentar. Este artigo também discute como controlar tal erro e recomenda que as estimativas do consumo energético sejam confrontadas com o gasto energético, a fim de detectar a subnotificação.Valid data on energy and nutrient consumption are necessary in human nutrition research, mainly in epidemiologic studies concerning diet and health. Until the advent of doubly labeled water, it was not possible to validate dietary assessment methods using an independent procedure and this marker showed an important underreporting of energy intake. This paper aims to discuss the major aspects related to this phenomenon: prevalence, determinants, nutrient specificity and attenuation. Underreporting seems to be associated with obesity and with psychological and social factors, such as dietary restraint and social desirability. Error in the dietary assessments may lead to under- or over-estimation (less

  11. Consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional Fiber and nutrients intake in constipated children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosane C. Gomes

    2003-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Estimar o consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional atendidas em ambulatório especializado. CASUÍSTICA E MÉTODOS: O estudo caso-controle foi desenvolvido no Hospital de Pediatria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. Foram analisadas 54 crianças na faixa etária de 2 a 12 anos com constipação crônica funcional, pareadas por sexo e faixa etária com 50 crianças sem constipação (grupo-controle. A avaliação do consumo alimentar foi feita através do registro alimentar de 3 dias e a análise e adequação das dietas foram realizadas por programa informatizado. RESULTADOS: Em 59,3% dos casos a constipação teve início nos dois primeiros anos de vida. Não houve diferença quanto ao sexo no grupo com constipação, nem associação entre constipação e desnutrição nas crianças estudadas. A quantidade de alimentos ingerida por crianças com constipação foi menor quando comparada à do grupo-controle. O consumo médio diário de energia, proteínas, carboidratos e lipídios foi significativamente menor no grupo de crianças com constipação, assim como os percentuais de adequação calórica e protéica. A ingestão média de fibra alimentar total (g/dia foi estatisticamente menor no grupo com constipação (6,9 + 3,4 do que no grupo controle (8,6 + 4,2. A proporção de crianças consumindo menos fibra alimentar em relação ao mínimo recomendado pela Fundação Americana de Saúde (idade + 5 g foi maior no grupo com constipação (83,3% do que no grupo controle (66,0%. A odds ratio foi igual a 2,6. CONCLUSÕES: Houve menor consumo de fibra alimentar, de energia, proteínas, carboidratos e lipídios por crianças com constipação, assim como menor percentual de adequação calórica e protéica. O baixo consumo de fibra alimentar foi considerado como fator de risco para o desenvolvimento de constipação crônica funcional

  12. Novas perspectivas em educação alimentar e nutricional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Ionata de Oliveira

    2008-12-01

    Full Text Available A crescente ênfase na temática de educação alimentar e nutricional, decorrida da estratégia Fome Zero e da Política Nacional de Alimentação e Nutrição, bem como da mudança no perfil de morbi-mortalidade da população, tornou fundamental a reflexão sobre sua configuração enquanto ação governamental. Na estratégia Fome Zero, a educação alimentar e nutricional é prevista como ação estruturante, de tal sorte que a mesma configurou-se institucionalmente no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS tendo como perspectiva a promoção da segurança alimentar e nutricional. Dessa forma, a Coordenação responsável pelo desenvolvimento de ações educativas nesse Ministério promoveu duas oportunidades de reflexão: uma interna, que visava estabelecer o marco institucional da educação alimentar e nutricional no MDS, e a outra no Conselho Nacional de Segurança Alimentar, com o objetivo de subsidiar o grupo de trabalho de alimentação adequada e saudável. Dessas discussões surgiram importantes recomendações e estratégias como base para o desenvolvimento de ações educativas em alimentação e nutrição tanto para o governo como para a sociedade civil. Dentre essas recomendações, destacamos a importância de que as ações educativas sejam desenvolvidas no sentido de promover a autonomia dos indivíduos, a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade, respeitando as culturas alimentares e valorizando a história alimentar e a diversidade regional, ao mesmo tempo em que reconheçam os saberes populares e fomentem a biodiversidade local.

  13. O enfoque qualitativo na avaliação do consumo alimentar: fundamentos, aplicações e considerações operacionais The qualitative approach in the evaluation of food consumption: fundamentals, applications and operational considerations

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Magalhães Bosi

    2011-12-01

    Full Text Available Disputas grosso modo infundadas entre defensores dos enfoques qualitativo e quantitativo têm impedido o reconhecimento dos benefícios das aplicações combinadas de ambos os métodos em um mesmo estudo, ou seja, de uma abordagem multidimensional e integrada. Não obstante, em anos recentes, o campo da Nutrição em Saúde Coletiva vem vivenciando um aumento na condução de estudos orientados não apenas pela mensuração, mas pela combinação de métodos qualitativos e quantitativos. Com efeito, o enfoque qualitativo tem muito a contribuir para a investigação do consumo alimentar, dentre vários outros objetos e temáticas, nas quais sobressai a importância do aprofundamento da compreensão da produção subjetiva, expressa em crenças, atitudes e comportamentos. Este artigo resume a natureza, os fundamentos e a utilidade do enfoque qualitativo em pesquisas no âmbito da alimentação e nutrição, esclarecendo como esses métodos têm sido ou podem ser usados para estudar os complexos problemas que se apresentam nesse campo, circunscrevendo a discussão ao âmbito dos estudos sobre consumo alimentar. A integração de ambos os métodos, qualitativo e quantitativo, mediante a complementaridade metodológica, pode minimizar os limites do emprego de cada enfoque de forma isolada.Unfounded disputes between advocates of qualitative and quantitative approaches have hindered the recognition of the benefits of combined application of both methods in the same study, ie, a multidimensional and integrated approach. Nevertheless, in recent years, the field of Nutrition in Public Health has experienced an increase in conducting studies guided not only by measurement, but by the combination of qualitative and quantitative methods. Indeed, the qualitative approach has much to contribute to research in food consumption, among many other objects and themes, in which stands the importance of deepening the understanding of subjective production, expressed

  14. Consumo de macronutrientes e ingestão inadequada de micronutrientes em adultos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Campos Araujo

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o consumo de energia e nutrientes e a prevalência de ingestão inadequada de micronutrientes entre adultos brasileiros. MÉTODOS: Foram analisados dados do Inquérito Nacional de Alimentação da Pesquisa de Orçamento Familiar 2008-2009. O consumo alimentar foi avaliado por dois dias de registro alimentar não consecutivos. Um total de 21.003 indivíduos (52,5% mulheres entre 20 e 59 anos de idade participou do estudo. A ingestão usual de nutrientes foi estimada pelo método proposto pelo National Cancer Institute. As prevalências de ingestão inadequada de micronutrientes foram obtidas pelo método da necessidade média estimada (EAR como ponto de corte. Para manganês e potássio, a Ingestão Adequada (AI foi usada como ponto de corte. A ingestão de sódio foi comparada com o nível de ingestão máximo tolerável (UL. A prevalência de inadequação da ingestão de ferro foi determinada por abordagem probabilística. Os dados foram analisados de acordo com a localização do domicílio (área urbana ou rural e as macrorregiões do país. RESULTADOS: A média do consumo energético foi de 2.083 kcal entre os homens e 1.698 kcal entre as mulheres. Prevalências de inadequação maiores ou iguais a 70% foram observadas para cálcio entre os homens e magnésio, vitamina A, sódio em ambos os sexos. Prevalências maiores ou iguais a 90% foram encontradas para cálcio entre as mulheres e vitaminas D e E em ambos os sexos. Prevalências menores que 5% foram encontradas para ferro entre os homens e niacina para homens e mulheres. No geral, a prevalência de ingestão inadequada foi mais acentuada na área rural e na região Nordeste. CONCLUSÕES: O consumo de energia é maior entre indivíduos residentes em áreas urbanas e da região Norte. Os grupos com maior risco de ingestão inadequada de micronutrientes são as mulheres e os que residem na área rural e na região Nordeste.

  15. Evolucao dos precos relativos de grupos alimentares entre 1939 e 2010, em Sao Paulo, SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Yuka Yuba

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a evolução dos preços relativos dos grupos de produtos alimentares e sua influência nas políticas públicas para uma alimentação saudável. MÉTODOS: Foram analisados dados do município de São Paulo de 1939 a 2010, a partir da aplicação de métodos de cálculo de números-índices. Foram utilizados dados do banco de preços e estruturas de ponderação da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (1939 a 1988 e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (1989 a 2010. O banco de preços foi organizado, sua consistência foi testada e os preços foram deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor. Os dados relativos a preços deflacionados foram calculados e agregados por categorias e grupos alimentares da pirâmide alimentar adaptada. Os índices de preços de cada grupo foram construídos aplicando a fórmula de Laspeyres modificada. O índice geral de preços da alimentação foi comparado com índices de cada grupo alimentar e respectiva categoria: alimentos in natura; alimentos industrializados; bebidas; carnes, leguminosas, leite e ovos; cereais e tubérculos; e refeições fora do domicílio. RESULTADOS: Os grupos alimentares de gorduras, óleos, condimentos, açúcares e alimentos processados (alimentos industrializados apresentaram tendência de redução de preços em termos relativos. O índice dos alimentos in natura, como frutas e verduras, apresentaram tendência de elevação de preços. Outros grupos alimentares, como cereais, farinhas e massas, carnes, leite e ovos, apresentaram estabilidade de preços relativos ao longo do tempo. CONCLUSÕES: A evolução dos preços relativos dos alimentos no município de São Paulo mostra tendência desfavorável à manutenção da alimentação saudável em nível domiciliar em longo prazo.

  16. Habilidades sociais: fator de proteção contra transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Giron Uzunian

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo O objetivo desse estudo foi revisar a literatura a cerca da relação entre transtornos alimentares e habilidades sociais em adolescentes. Pesquisou-se as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs, cruzando os descritores “transtornos alimentares”, “anorexia nervosa”, “bulimia nervosa” e “comportamento alimentar”, com os descritores “psicologia social” e “isolamento social”, e com as palavras chave “competência social”, “habilidade social” e “relação interpessoal”. Incluiu-se estudos com adolescentes, nos idiomas português, inglês e espanhol, e publicações realizadas entre os anos de 2007 a 2012. A busca resultou em 63 artigos, sendo incluídos 50 nesta revisão. A maioria dos estudos foi conduzido no Brasil e nos Estados Unidos. Do total, 43 eram artigos originais. Os estudos visavam compreender como o estado emocional poderia influenciar no estabelecimento dos transtornos alimentares, assim como as relações interpessoais e a relação entre os pares. Os artigos também discutiram a influência da mídia e da sociedade neste processo. A partir da análise dos estudos, observou-se que quanto maior o repertório de habilidades sociais dos adolescentes, maior será o fator de proteção contra o desenvolvimento de transtornos alimentares.

  17. Consumo alimentar de macro e micronutrientes de crianças menores de cinco anos no Estado de Pernambuco, Brasil Dietary intake of macro and micronutrients by children under five years of age in the State of Pernambuco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristianne Martins Ferreira Fidelis

    2007-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar o consumo alimentar de macro e micronutrientes, com base na Dietary Reference Intakes, das crianças menores de cinco anos do Estado de Pernambuco, considerando três áreas geográficas: Região Metropolitana do Recife, Interior Urbano e Interior Rural. MÉTODOS: a amostra constitui-se de 948 crianças menores de cinco anos de idade, com representatividade para o Estado de Pernambuco e suas três áreas geográficas. O consumo alimentar foi registrado mediante o recordatório de 24 horas e foram analisadas as medianas e prevalências de inadequação dos macro e micronutrientes de acordo com as Dietary Reference Intakes. RESULTADOS: o déficit de energia e micronutrientes mostrou-se prevalente nas crianças, em todas as faixas etárias e áreas geográficas; entretanto, o consumo de proteínas apresentou-se acima dos valores de referência. A prevalência de inadequação dos micronutrientes foi elevada, principalmente de ferro e zinco, nas crianças acima de 12 meses de idade. Os resultados no Interior Rural foram os mais baixos para todos os nutrientes analisados. CONCLUSÕES: o consumo alimentar das crianças do Estado de Pernambuco demonstrou déficit de energia, de macro e micronutrientes. Espera-se que estes resultados possam servir como subsídios para implementação de políticas de nutrição e alimentação no Estado, visando prevenir os principais distúrbios nutricionais em menores de cinco anos.OBJECTIVE: to analyze the food consumption of macro and micronutrients by children under fiver years old in the State of Pernambuco based on the Dietary Reference Intakes, in three geographic areas: Metropolitan Region of Recife, Urban Interior and Rural Interior. METHODS: the sample consisted of 948 children under five years old and was representative for the State of Pernambuco and its three geographic areas. The 24-hour recall method was used to register food consumption. The median and the prevalence of both macro and

  18. Genética em transtornos alimentares: ampliando os horizontes de pesquisa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pinheiro Andréa Poyastro

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Revisar a literatura atual concernente à pesquisa genética em transtornos do comportamento alimentar e discutir questões relevantes ao desenvolvimento de um projeto de pesquisa genética nessa área no Brasil. MÉTODO: A revisão realizada utilizou a base de dados Medline, no período de 1984 a maio de 2005, com os seguintes termos de busca: "anorexia nervosa", "bulimia nervosa", "eating disorders", "binge eating disorder", "family studies", "twin studies", "molecular genetics studies". RESULTADOS: Os dados atuais apontam para uma contribuição relevante dos fatores genéticos na suscetibilidade à anorexia e à bulimia nervosa. A pesquisa genética com populações miscigenadas deve levar em consideração o tamanho da amostra, a densidade de genotipagem e a estratificação populacional. Através de "admixture mapping" é possível estimar a estrutura genética destas populações e localizar genes relacionados à variação étnica de doenças ou traços de interesse. CONCLUSÕES: O desenvolvimento de uma grande iniciativa de colaboração em genética de transtornos alimentares no Brasil e na América Latina viabilizará estudar os fatores genéticos em transtornos do comportamento alimentar no contexto de grupos inter-étnicos, e integrar uma nova perspectiva biológica à etiologia destes distúrbios.

  19. Inclusão de fibra alimentar em pães isentos de glúten

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andressa Luciane Ceccon Saueressig

    Full Text Available Resumo Foram desenvolvidas quatro formulações de pães, isentos de glúten e com a inclusão de fibra alimentar solúvel e insolúvel, avaliando suas propriedades físicas, composição química, aceitação e intenção de compra do consumidor. O padrão (1 teve a farinha de arroz, fécula de mandioca, ovo, leite em pó, óleo de girassol, sal, açúcar, fermento biológico seco e água como ingredientes. Nos demais, a fécula foi parcialmente substituída por inulina (2, farelo de arroz desengordurado e inulina (3, e farelo de arroz desengordurado (4. A cor do pão 2 diferiu apenas na casca, que ficou menos vermelha e amarela que o 1. A inclusão do farelo de arroz proporcionou coloração mais escura, vermelha e amarela à crosta e miolo dos pães 3 e 4. A perda de peso e rendimento variaram apenas em relação ao pão 2, que teve maior perda de peso e menor rendimento, provavelmente devido ao colapso da massa, que não foi capaz de manter a estrutura na fase de crescimento. O custo dos pães com inulina foi maior, pois este ingrediente é um reconhecido prebiótico, adquirido em estabelecimentos farmacêuticos; enquanto que o custo do pão apenas com farelo diminuiu, já que se trata de um subproduto industrial, obtido da extração do óleo de arroz. Na composição química, houve incremento nos teores de cinzas, proteínas e fibra alimentar, principalmente insolúvel, nos pães 3 e 4; enquanto que o pão 2 apresentou menor teor proteico e maior teor de fibra alimentar, principalmente solúvel. Nutricionalmente, admite-se incremento do valor nutricional em detrimento de carboidratos digeríveis e do valor calórico. Sensorialmente, os pães 3 e 4 tiveram menor aceitação nos atributos cor e sabor, mas não diferiram dos pães 1 e 2 nos atributos odor e textura, e na intenção de compra dos consumidores. Conclui-se que o consumo dos pães que tiveram substituição parcial da fécula é garantia de alimento com qualidade funcional

  20. Consumo e conhecimento sobre alimentos fontes de lipídeos por professores de escola técnica em saúde = Consumption and knowledge on source of lipid foods by health technical school teachers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anastácio, Gislaine

    2009-01-01

    Full Text Available Objetivo: Investigar o hábito de consumo e conhecimentos sobre alimentos fontes de lipídios, entre os professores de uma Escola Técnica em Saúde da Rede Estadual de Ensino em Porto Alegre, RS. Materiais e Métodos: Estudo transversal, realizado com professores de ambos os sexos, através de um questionário de frequência de consumo alimentar contendo nove grupos alimentares, predominantemente fontes de lipídeos e, outro questionário, visando o reconhecimento sobre gorduras alimentares e os efeitos na saúde humana. A análise estatística foi descritiva e com auxílio do software Excel. Resultados: 39 professores participaram da pesquisa, destes 28 mulheres e média de 43±11anos de idade. O consumo de azeite de oliva diariamente foi citado por 38% dos participantes e leite desnatado em 41%. Margarina é habitual para cerca de 25% deles e mais da metade do grupo nega uso de maionese e manteiga. Referem consumo frequente, de 1 a 3 vezes por semana, para pizza (54%, carne bovina sem gordura aparente (49% e ave sem pele (70%. Os embutidos, frituras e preparações à milanesa são de consumo eventual para a maioria, inclusive as oleaginosas. Conclusão: Os professores demonstram adequados conhecimentos sobre a importância de selecionar alimentos que são fontes de gordura e sobre seus efeitos no organismo. Eles também exercem boas escolhas desses alimentos, no seu dia-a-dia. Esclarecimentos adicionais em Nutrição poderão contribuir ainda mais à prática saudável e à difusão dessas informações

  1. Conhecimento nutricional e suplementação alimentar por praticantes de exercícios físicos

    OpenAIRE

    Moreira, Fernanda Pedrotti; Rodrigues, Kelly Lameiro

    2014-01-01

    INTRODUÇÃO: O ambiente das academias favorece a disseminação de padrões estéticos estereotipados, levando muitos frequentadores a desenvolver hábitos alimentares inadequados e, muitas vezes, recorrer à utilização de suplementos alimentares. Ainda existe muita falta de informação e orientação em relação à nutrição ideal, o que pode prejudicar o desempenho desportivo.OBJETIVO: Avaliar o uso de suplementos alimentares, consumo alimentar e conhecimento nutricional dos praticantes de exercícios fí...

  2. Relationship between the quality of life and food consumption of teachers from private network Relação entre a qualidade de vida e o consumo alimentar de professores de rede privada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keliane Galdino da Silva

    2017-10-01

    Full Text Available Objetivo: Relacionar a qualidade de vida (QV e o consumo alimentar (CA de professores de rede privada. Métodos: Estudo transversal que avaliou a QV, o CA e a classe econômica. Resultados: Em relação à QV dos 107 professores, 64,5% foram classificados com boa e 19,6% com muito boa, 70,1% pertence à classe C e 64,5% mostraram CA satisfatório. Os escores de alimentação (EA se correlacionaram significantemente com os domínios da QV, físico, psicológico, social e ambiental e, com a QV geral. Quanto maior o EA nos quartis melhores os domínios físico, psicológico e ambiental. Conclusão: Quanto maior o EA melhor a QV de professores. Assim, a alimentação saudável pode contribuir com a promoção da saúde refletindo em melhor QV.

  3. Cuidados alimentares e nutricionais em perturbações do espetro do autismo

    OpenAIRE

    Almeida, Ângela Maria Magalhães

    2015-01-01

    Trabalho Complementar apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de licenciada em Ciências da Nutrição As Perturbações do Espetro do Autismo (PEA) compreendem uma série de distúrbios do desenvolvimento neurológico, sendo que uma adequada intervenção alimentar ou nutricional pode contribuir para minimizar alguns dos comportamentos associados à doença. Com este trabalho, pretendeu-se realizar uma breve revisão da literatura sobre quais os cuida...

  4. CONSUMO ENERGÉTICO PROVENIENTE DE ALIMENTOS ULTRAPROCESSADOS POR ADOLESCENTES

    OpenAIRE

    D’Avila, Helen Freitas; Kirsten, Vanessa Ramos

    2017-01-01

    RESUMO Objetivo: Avaliar o consumo proveniente dos alimentos ultraprocessados e fatores relacionados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal com 784 adolescentes (de ambos os sexos e entre 12 a 19 anos) de escolas públicas e privadas do município de Palmeira das Missões, Brasil. O consumo alimentar foi registrado pelo questionário semiquantitativo de frequência de consumo de alimentos e convertido em energia (Kcal/dia). Os alimentos foram classificados em: minimamente processados, gr...

  5. Imagem corporal e transtornos alimentares em atletas adolescentes: uma revisão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre os temas "Imagem corporal" e "Transtornos alimentares na população de atletas adolescentes". Foram realizadas buscas eletrônicas nas seguintes bases de dados: "Web of Science", "SciELO", "Scopus", "Pubmed", "Medline", e "Lilacs". Como descritores, utilizaram-se os termos "body image" e "eating disorders", indexados no sistema de Descritores em Ciência da Saúde (DeCs/MeSH, e também os termos associados "body dissatisfaction", "athletes", "adolescence" e "teenager". O período compreendido pelas buscas foi de 2002 a 2012. Os resultados evidenciaram a existência de centenas de investigações sobre os temas na população adolescente, mas foram escolhidas somente as pesquisas no contexto esportivo. Os achados demonstraram algumas controvérsias. De qualquer forma, acredita-se que exista associação entre imagem corporal e transtornos alimentares em atletas, porém é necessário desenvolver pesquisas neste campo para responder a tais dúvidas, por isso são incentivadas pesquisas com estas variáveis.

  6. Consumo alimentar e excesso de peso de adolescentes de Piracicaba, São Paulo Food consumption and overweight in adolescents from Piracicaba, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natacha Toral

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo avaliou o consumo alimentar e a prevalência de excesso de peso entre adolescentes de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Estudo observacional transversal com amostra representativa de adolescentes maiores de 10 anos de 11 escolas públicas de Piracicaba. Realizou-se auto-avaliação da maturação sexual por planilhas dos estágios de Tanner. Pelo Questionário de Freqüência Alimentar Semi-Quantitativo, investigou-se o consumo de energia, macronutrientes, frutas, hortaliças e doces. Foram aferidos peso e altura para avaliação do perfil antropométrico pelos percentis de Índice de Massa Corporal e índice de altura-para-idade. RESULTADOS: Foram avaliados 390 adolescentes, com média de idade de 12,4 anos, sendo 46,4% meninos e 78,7% púberes. O consumo médio de energia foi de 3.645kcal (56,2%, 12,8% e 33,5% provenientes de carboidratos, proteínas e lipídios, respectivamente. Observou-se que 77,9% da amostra ingeria alto teor de gordura. O consumo médio de frutas, hortaliças e doces foi de 2,3, 2,4 e 4,5 porções diárias, respectivamente. Foi encontrado 21,0% de excesso de peso, 4,4% de baixo peso e 1,8% de déficit de altura-para-idade. CONCLUSÃO: Expressivo percentual de adolescentes apresentava reduzido consumo de frutas e hortaliças e consumo lipídico e de doces acima do recomendado, podendo haver relação com o elevado número de participantes com excesso de peso. Adolescentes devem ser alvo de programas que enfatizem a adoção de alimentação saudável, para diminuir risco e incidência de obesidade e prevenir futuros agravos à saúde.OBJECTIVE: This study assessed food consumption and prevalence of overweight among adolescents from Piracicaba, São Paulo, Brazil. METHODS: This was a cross-sectional with a representative sample of adolescents older than 10 years of 11 public schools of Piracicaba. The maturation stage of the adolescents was determined by self-examination using Tanner images. Intakes

  7. Transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal em bailarinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Dias Guimarães

    2014-07-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Os transtornos alimentares (TA tornaram-se um problema relevante de saúde pública. Paralelamente a esse fato, observa-se aumento na frequência de problemas associados à percepção da imagem corporal. Esses transtornos alimentares são mais incidentes em praticantes de esportes que preconizam o baixo peso corporal, como o balé clássico. OBJETIVO: Determinar a prevalência de comportamentos de risco de transtornos alimentares e insatisfação com a imagem corporal em bailarinos adolescentes na cidade de São Luís, MA, Brasil. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal com 30 bailarinos clássicos, não profissionais de ambos os sexos, com idade de 15 a 19 anos. Para avaliação do comportamento de risco de anorexia nervosa, utilizou-se o teste de atitudes alimentares (EAT-26, e para o comportamento de risco de bulimia nervosa, o teste de investigação bulímica de Edimburgo (BITE. A imagem corporal foi avaliada por meio do questionário de imagem corporal (BSQ. RESULTADOS: A prevalência de comportamentos de risco de TA foi de 30,0% para anorexia nervosa, de acordo com o EAT-26 e, segundo a escala de sintomas do BITE, 40,0% apresentaram comportamento de risco de bulimia nervosa. Além disso, o BSQ identificou que 26,7% dos bailarinos estavam insatisfeitos com sua imagem. Analisando o comportamento de risco de TA e a insatisfação com a imagem corporal, por sexo, não houve diferença estatisticamente significante (p > 0,05. CONCLUSÃO: A alta incidência de insatisfação com a imagem corporal associada à grande prevalência de comportamentos de risco de TA encontrada neste estudo ratifica que a prática do balé parece ser um fator primordial para o aumento da suscetibilidade desses bailarinos desenvolverem TA.

  8. Personalidade e coping em pacientes com transtornos alimentares e obesidade Personality and coping in patients with eating disorders and obesity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Tomaz

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudo avalia o uso diferencial de coping e traço de personalidade em pacientes com transtornos alimentares (anorexia, bulimia e TASOE e com obesidade e em população geral. Participam deste estudo 109 indivíduos (60 com diagnóstico de transtorno alimentar ou obesidade e 49 da população geral. Os instrumentos foram uma escala de traços de personalidade, Coping Response Inventory e Escala de Atitudes Alimentares (EAT. Observou-se diferença significativa nas médias de EAT por população demonstrando boa adequação deste instrumento como screening psicopatológico de transtornos alimentares. Ademais indivíduos que apresentam alto índice em neuroticismo e em descarga emocional, ao enfrentar seus problemas, possuem mais atitudes alimentares inadequadas refletidas pelo EAT (R=0.291, p=0.011. Os dados são discutidos através das teorias relacionadas aos cinco grandes traços da personalidade, coping, transtornos alimentares e obesidade.This study assesses the differential use of coping and personality trait of patients with eating disorders (anorexia, bulimia, and Eating Disorders Not Otherwise Specified - EDNOS, obesity as well as in subjects from the general population. 109 subjects participated in the study (60 with eating disorder or obesity diagnostics; 49 from the general population. The instruments were Personality Trait Scale, Coping Response Inventory and Eating Attitudes Scale (EAS. It was observed significant differences on EAS according to the type of population, demonstrating this instrument's adequacy as psychopathological screening for eating disorders. Moreover, individuals presenting high neuroticism and who discharge their emotion to cope with their problems have more inadequate eating attitudes as shown by EAS (R=0.291, p=0.011. These results are discussed through theories related to the Big Five personality traits, coping, eating disorders and obesity.

  9. Análise dos fatores que influenciam o consumo de água mineral

    OpenAIRE

    Pitaluga, Christiane Marques

    2006-01-01

    A água mineral foi o produto que mais apresentou crescimento em consumo entre as famílias brasileiras nos últimos trinta anos, ultrapassando 0,320 litros per capita/ano em 1974/1975 e alcançando a marca de 18,541 litros em 2002/2003. Dentre os produtos de maior consumo alimentar, somente o leite fica à frente da água mineral. No ambito mundial, o consumo de água envasada continuará crescendo nos próximos anos, passando de um volume de 155 bilhões de litros em 2003 para 206 bilhões em 2008, se...

  10. Caracterização da neofobia alimentar em crianças de três a seis anos

    OpenAIRE

    Medeiros, Rodrigo Tavares Pinheiro de

    2008-01-01

    A alimentação é essencial para a vida. Para os onívoros, que necessitam de uma dieta variada para conseguir suprir suas necessidades nutricionais, é extremamente vantajoso incluir novos itens à dieta. Contudo, ingerir alimentos desconhecidos pode ser perigoso, em razão da possibilidade de intoxicação. Neste sentido, um dos comportamentos que auxiliam na redução dos riscos decorrentes da ingestão de itens alimentares desconhecidos é a neofobia alimentar, caracterizada pelo ato de recusar ou in...

  11. Consumo alimentar de crianças e adolescentes com disfagia decorrente de estenose de esôfago: avaliação com base na pirâmide alimentar brasileira Food consumption by children and adolescent with dysphagia due to esophageal stricture: assessment based on the Brazilian food guide pyramid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Marciano

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar de pacientes com disfagia decorrente de estenose de esôfago, comparando a dieta de consistência líquida com a dieta de consistência pastosa e sólida, com base na Pirâmide Alimentar Brasileira. MÉTODOS: Estudo de corte transversal, no qual foram incluídos consecutivamente 31 pacientes com estenose esofágica, sendo 18 (58,0% cáustica, 7 (22,6% pós-cirúrgica, 3 (9,7% péptica e 3 (9,7% sem causa definida. Empregou-se o recordatório de 24 horas; os alimentos foram transformados em porções em função dos oito grupos de alimentos, conforme recomendado por Philippi. Utilizou-se o teste Kruskal-Wallis e Exato de Fisher, fixando em 5% o nível de rejeição da hipótese de nulidade. RESULTADOS: A idade variou entre 15 e 176 meses (mediana, 56 meses, sendo 28 crianças e três adolescentes, e 18 do sexo masculino. Vinte e nove pacientes (93,5% apresentavam disfagia, sendo grave em 34,4% (10/29, moderada em 41,3% (12/29, e leve em 24,1% (7/29. O consumo mediano de porções de cereais, leguminosas, e óleos e gorduras foi menor no grupo com dieta líquida (pOBJECTIVE: This study assessed food intake by patients with dysphagia due to esophageal stricture and compared liquid, soft and solid diets based on the Brazilian Food guide pyramid. METHODS: This cross-sectional study consecutively included 31 patients with esophageal stricture, of which 18 (58.0% were caustic, 7 (22.6% were postoperative, 3 (9.7% were peptic and 3 (9.7% were of unknown etiology. The 24-hour dietary recall was used and the foods were converted into servings according to the eight food groups, as recommended by Philippi. The Kruskal-Wallis and Fisher's Exact Test were used and the significance level was set at 5%. RESULTS: The ages of the patients varied from 15 to 176 months (median: 56 months. There were 28 children and 3 adolescents, of which 28 were males. Twenty-nine patients (93.5% presented dysphagia, of which 34.4% (10

  12. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade. doi:10.5020/18061230.2014.p92

  13. Prática alimentar e de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas e privadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Freitas Campos

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar a prática alimentar e o nível de atividade física em adolescentes obesos de escolas públicas (EPu e privadas (EPr de Fortaleza-CE. Métodos: Estudo transversal realizado com 272 adolescentes de Epu e EPr, no período de abril de 2007 a maio de 2009. Aplicou-se um questionário contendo dados de identificação (idade, sexo, antropométricos (peso e altura, situação escolar, prática alimentar e nível de atividade física. Resultados: Dos avaliados, observou-se que 160 (58,8% eram do sexo feminino, com idade média de 16,5 anos (±1,31. Houve prevalência da obesidade moderada, com 85,5%, (n=171 na EPu e 76,4%, (n=55 na EPr. Não se constatou diferença entre o grau de obesidade e a rede escolar. Sobre a prática alimentar, 70,2% (n=190 consumiam menos de cinco refeições ao dia e 56,3% (n=153 não faziam o café da manhã, não tendo diferença entre as redes escolares. O consumo de frutas (10%; n=27 e vegetais (14,1%; n=38 foi baixo. Os estudantes das EPr consumiam mais refrigerantes (41,7%; n=30 do que os da EPu (28,5%; n=57; p=0,03. Constatou-se, que 47% (n=93 dos alunos da EPu e que 32,4% (n=27 da EPr não consumiam fast-food (p=0,02. Identificou-se que os adolescentes das EPu eram mais ativos do que os das EPr (77%; n=153 versus 54,2%; n=40; p=0,0002, mas essa diferença não mostrou associação com o grau de obesidade (p=0,88. Conclusão: Os adolescentes das escolas públicas e particulares apresentavam prática alimentar inadequada, havendo poucas diferenças entre eles. Os jovens das EPu apresentaram-se mais ativos que os das EPr, entretanto, este nível de atividade física não influenciou no grau de obesidade.

  14. O ambiente alimentar e o acesso a frutas e hortaliças: “Uma metrópole em perspectiva”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cristine Souza Lopes

    Full Text Available Resumo Este trabalho objetivou explorar o ambiente alimentar de acordo com o acesso a frutas e hortaliças (FH, a partir da perspectiva de uma grande metrópole brasileira, referência internacional para políticas públicas de segurança alimentar e nutricional (SAN. Procedeu-se à revisão da literatura e de site oficial de divulgação das políticas de SAN e de planejamento urbano de Belo Horizonte (MG, além da construção de mapas. Os programas de SAN no município atendem a mais de um milhão de pessoas por dia, incluindo iniciativas de incentivo à produção de alimentos, defesa e promoção do consumo alimentar, comercialização subsidiada de alimentos e refeições, e capacitação em alimentação. Verificou-se no município a concentração de estabelecimentos comerciais de FH, incluindo aqueles com subsídios públicos (feiras-livres e sacolões públicos, na região mais rica da cidade, com acesso limitado na periferia e territórios de serviços de promoção da saúde (Programa Academia da Saúde. Entretanto, o aumento de unidades de sacolões públicos e privados, feiras-livres e supermercados poderia favorecer o acesso a alimentos saudáveis nos territórios mais vulneráveis. Estes dados revelam a importância do monitoramento das políticas públicas, pela sociedade civil e representantes do governo, visando reduzir as iniquidades e contribuir para melhoria da qualidade de vida e o bem-estar social da população, além de colaborar para sistemas alimentares sustentáveis. Sugere-se que políticas públicas de SAN dialoguem com outras políticas, como as de saúde, planejamento urbano, assistência social, agricultura, dentre outras, de forma a promover a equidade e atender intersetorialmente às necessidades de comunidades mais vulneráveis.

  15. Comportamentos de risco para os transtornos alimentares e traços perfeccionistas em atletas de atletismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    Full Text Available Resumo O objetivo do estudo foi analisar a influência do perfeccionismo nos comportamentos de risco para os transtornos alimentares de atletas adolescentes do sexo feminino da modalidade atletismo. Fizeram parte do estudo 52 atletas da modalidade de atletismo de clubes da cidade de São Paulo/SP com idade entre 12 e 17 anos. Utilizaram-se as subescalas do Eating Attitudes Test (EAT-26 e a Multidimensional Perfectionism Scale (MPS para avaliar os comportamentos de risco para os transtornos alimentares e os traços perfeccionistas, respectivamente. Conduziu-se a regressão linear múltipla stepwise para analisar a influência dos perfeccionismo nos comportamentos de risco para os transtornos alimentares. Os resultados indicaram influência da MPS nos escores das subescalas Dieta (F(1, 44 = 5,74; p = 0,05 e Autocontrole Oral (F(1, 44 = 6,13; p = 0,04 do EAT-26. No entanto, não foi evidenciado impacto da MPS nos escores da subescala Bulimia e Preocupação com 0 Alimenta (F(1, 44 = 1,26; p = 0,22. Assim, em razão da investigação apresentar delineamento transversal, pressupõe-se que as atletas de atletismo com traços perfeccionistas podem estar mais susceptíveis para a restrição alimentar e a influência ambiental para a ingesta alimentar.

  16. Risco para transtornos alimentares em escolares de Salvador, Bahia, e a dimensão raça/cor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane de Jesus Bittencourt

    2013-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a existência de fatores de risco associados aos transtornos alimentares em escolares da cidade de Salvador, Bahia, por meio da dimensão étnico-racial como fator de heterogeneidade. MÉTODOS: Os participantes da pesquisa são escolares do sexo feminino, na faixa etária entre 15 e 30 anos, residentes na cidade de Salvador, no Estado da Bahia. Foram investigadas 626 estudantes, selecionadas em instituições públicas e privadas de ensino médio e universitário. Utilizaram-se o Eating Atittude Test-26, o Body Shape Questionnaire e o Beck Depression Inventory como instrumentos de identificação de risco para os transtornos alimentares. A classificação étnico-racial se deu por autodeclaração, de acordo com as categorias do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Foram realizadas análises descritivas, bivariadas (χ2 de Pearson e regressão logística multivariada para análise dos dados. RESULTADOS: As estudantes que se identificaram como amarelas ou indígenas têm 3,6 vezes mais chances de desenvolverem comportamentos alimentares desordenados e 4,8 vezes mais possibilidade de estarem insatisfeitas com sua imagem corporal. As pardas apresentam 2,5 vezes mais risco para essa insatisfação. A depressão é uma comorbidade que deve ser considerada, apesar de não estar associada significativamente à raça/cor. CONCLUSÃO: As mulheres não brancas em Salvador apresentam risco de desenvolver transtornos alimentares. Outros estudos que combinam métodos quantitativos e qualitativos podem permitir uma análise mais robusta quanto à relação entre transtornos alimentares e raça/cor e etnia.

  17. Comportamento alimentar em mulheres portadoras de diabetes tipo 2 Eating behavior among type 2 diabetes women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Siqueira Péres

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Conhecer os pensamentos, sentimentos e comportamentos em relação à dieta de mulheres portadoras de diabetes tipo 2. MÉTODOS: Trata-se de um estudo descritivo exploratório, de natureza qualitativa. Foram entrevistadas oito mulheres portadoras de diabetes tipo 2 em uma Unidade Básica de Saúde do município de Ribeirão Preto, SP, em janeiro de 2003. Foi utilizada entrevista semi-estruturada para a coleta dos dados. O referencial teórico adotado foi a teoria das representações sociais. Os registros audiogravados e transcritos foram submetidos à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Os resultados evidenciaram dificuldade no seguimento da dieta prescrita, em função dos diversos significados associados, tais como a perda do prazer de comer e beber, da autonomia e da liberdade para se alimentar. Assim, seguir a dieta adquire caráter extremamente aversivo e cerceador, tendo representação de que realizá-la traz prejuízos à saúde. A freqüente ausência de sintomas foi citada como um dos aspectos que dificultam o seguimento da dieta. Outra dificuldade foi tocar, olhar e manipular os alimentos durante o seu preparo e não poder ingeri-los. Os alimentos doces despontaram como algo extremamente desejado. Transgressão e desejo alimentar estão igualmente presentes na vida das pessoas entrevistadas. Seguir o padrão dietético recomendado elicia tristeza, e o ato de comer, muitas vezes, vem acompanhado de medo, culpa e revolta. CONCLUSÕES: O comportamento alimentar da mulher portadora de diabetes tipo 2 é bastante complexo e precisa ser compreendido à luz dos aspectos psicológicos, biológicos, sociais, culturais, psicológicos e econômicos para maior eficácia das intervenções educativas.OBJECTIVE: To explore type 2 diabetes women's thoughts, feelings and behaviors concerning diet. METHODS: A descriptive, exploratory qualitative study was carried out among eight type 2 diabetes women from a primary health care unit

  18. Avaliação dos efeitos do aspartame sobre a ingestão alimentar, os parâmetros físicos, bioquímicos e histopatológicos em ratos Wistar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.E. Silva

    Full Text Available RESUMO Nos últimos anos, tem-se observado um aumento no consumo de alimentos diet e light por adolescentes ou por aqueles que estão à procura de uma alimentação com baixo teor calórico, surgindo, assim, diversos edulcorantes, como o aspartame. Porém, seu consumo ainda gera polêmica, devido a muitos dados contraditórios e inconclusivos. Diante disso, objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação de aspartame sobre ingestão alimentar, parâmetros físicos, bioquímicos e histopatológicos em 18 ratos machos da linhagem Wistar, com cinco semanas de vida (ratos jovens, tratados durante 21 dias. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos: grupo controle (GC - tratados com água destilada por gavagem, e o grupo aspartame (GA - tratados diariamente com 2mL/100g/dia de aspartame. Todos os animais receberam ração comercial (Essence(r e água ad libitum. O controle da ingestão alimentar foi registrado semanalmente. Foram aferidos os parâmetros físicos por meio da análise do peso corporal, da circunferência toráxica, da circunferência abdominal, do comprimento vértice-cóccix, da gordura abdominal total e do cálculo do índice de massa corporal; os parâmetros bioquímicos foram analisados por meio da glicemia, da lipoproteína de alta densidade e dos triglicerídeos; além de tais análises, foi realizado o estudo histopatológico do fígado. Durante todo o experimento, os ratos tratados com aspartame apresentaram um aumento significativo no peso corpóreo e na ingestão alimentar quando comparados ao grupo controle. Não houve diferença nas demais análises tanto físicas, quanto bioquímicas e histopatológicas comparando-se o GA com o GC (P<0,05. Com base nos resultados obtidos, é possível inferir uma maior chance de desenvolvimento da obesidade, oriunda do consumo regular desse tipo de adoçante, já que ele comprovou ser capaz de estimular o consumo de alimentos e, consequentemente, o ganho de peso corpóreo.

  19. Padrões alimentares em mudança: a cozinha italiana no interior paulista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávia Arlanch Martins de Oliveira

    2006-06-01

    Full Text Available Este artigo analisa como, com a chegada do imigrante italiano ao interior de São Paulo quando da grande imigração que se deu a partir de meados da década de 1880, teve início uma troca de hábitos alimentares, tanto em meio a esses imigrantes como na sociedade hospedeira. Para tanto, restringimos nosso estudo à cidade de Jaú, uma vez que esse município, no período em questão, recebeu um representativo fluxo de imigrantes italianos.This article analyses how, with the arrival of the Italian Immigrant in the interior of São Paulo State, by the time of the great immigration that took place from the mid 1880 decade on, it started an exchange of eating habits, of these immigrants as well as of the host society. Therefore, we limited our study within Jaú city, since this municipal district, at that time, had received a representative flow of Italian immigrants.

  20. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.

  1. Desempenho alimentar e sobrevivência de Euschistus heros parasitado por Hexacladia smithii em sementes de soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nunes Maria Clarice

    2002-01-01

    Full Text Available Avaliou-se, em laboratório, a influência do parasitóide Hexacladia smithii Ashmead (Hymenoptera: Encyrtidae na atividade alimentar e sobrevivência de Euschistus heros (Fabricius (Hemiptera: Pentatomidae, aos 10, 20, 30 e 40 dias após o início do parasitismo. A atividade alimentar foi avaliada pelo número de bainhas constatadas nas sementes de soja, Glycine max (L. Merrill (Fabaceae, em 48 horas de alimentação. O teste foi mantido sob condições controladas de temperatura (25±2°C, umidade (65±10% e fotoperíodo (14L:10E. No início do desenvolvimento de H. smithii a atividade alimentar dos percevejos não-parasitados e parasitados foi semelhante, obtendo-se, entretanto, duas vezes mais bainhas alimentares depositadas/grão pelos machos e fêmeas, após 30 dias de parasitismo. A sobrevivência dos percevejos parasitados foi menor que a dos percevejos não-parasitados, alcançando 100% de mortalidade 40 a 50 dias após o início do parasitismo. A redução na sobrevivência dos percevejos parasitados por H. smithii e a atividade alimentar, semelhante a dos percevejos não-parasitados durante quase todo o período de desenvolvimento do parasitóide, destacam a contribuição desse parasitismo na redução da população do percevejo-marrom E. heros.

  2. Corantes alimentares presentes em alimentos ultraprocessados consumidos por universitários / Food dyes present in ultra-processed foods consumed by university students

    OpenAIRE

    Dayana Nolasco Gama; Maria Lúcia Teixeira Polônio

    2018-01-01

    Objetivo: Descrever os corantes alimentares presentes nos alimentos ultraprocessados consumidos por 273 graduandos de uma universidade pública do Rio de Janeiro. Métodos: Foi caracterizado o perfil sociodemográfico e de saúde a partir de questionário semiestruturado. Consumo de alimentos ultraprocessados foi obtido através do Questionário de Frequência Alimentar (gelatinas, biscoitos recheados, balas e chicletes, refrigerantes, preparados sólidos para refresco, sucos industrializados, tempero...

  3. Freqüência de consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra entre adolescentes Frequency of high-fat and low-fiber diets among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Borges Neutzling

    2007-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência e os fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura e pobres em fibra em adolescentes. MÉTODOS: Estudo de delineamento transversal com adolescentes de 10 a 12 anos, realizado em 2004/2005, em Pelotas, RS. A freqüência alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por 24 itens alimentares, pontuados de acordo com a freqüência de consumo de alimentos ricos em fibras e gorduras. Na análise bruta, as prevalências de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foram comparadas conforme sub-grupos das variáveis independentes (sexo, cor da pele, nível socioeconômico, escolaridade materna e estado nutricional do adolescente. Para controle de fatores de confusão, uma análise multivariável por regressão de Poisson foi realizada para cada desfecho. RESULTADOS: Foram encontrados 4.452 adolescentes, representando 87,5% da coorte original. A maioria dos jovens (83,9% consumia dieta pobre em fibra, e mais de um terço deles (36,6% consumia dieta rica em gordura. O nível socioeconômico e a escolaridade materna mostraram-se diretamente associados com a prevalência de consumo de dietas ricas em gordura. Jovens dos níveis socioeconômicos A+B e C apresentaram menor freqüência de consumo de dietas pobres em fibra. CONCLUSÕES: A prevalência de dietas ricas em gordura e pobres em fibra foi elevada nessa população de adolescentes. Políticas públicas dirigidas aos determinantes dos hábitos alimentares são necessárias e urgentes.OBJECTIVE: To describe the frequency and associated factors of high-fat and low-fiber diets among adolescents. METHODS: A cross-sectional study was carried out in adolescents aged 10-12 years in Pelotas, southern Brazil, in 2004 and 2005. Dietary patterns in the previous 12 months were evaluated using the Block questionnaire comprising 24 food items scored according to the frequency of consumption of high-fat and low-fiber food. In

  4. Riscos percebidos pelo consumidor e estratégias para minimizá-los no consumo de saladas de horataliças cruas em restaurantes à la carte

    OpenAIRE

    Mariana Schievano Danelon

    2012-01-01

    Resumo: O padrão alimentar da população brasileira tem sido caracterizado, entre outros aspectos, pelo reduzido consumo de hortaliças e pelo crescimento do número de refeições realizadas fora do domicílio. A utilização dos serviços de alimentação pode representar oportunidade para a inclusão de variedade de hortaliças na dieta. Tem sido pouco estudado, no Brasil, o comportamento do consumidor quando se alimenta fora de casa. Este pode ser influenciado pelos riscos percebidos em uma situação d...

  5. ESTABILIDADE DO MOLHO DE TOMATE EM DIFERENTES EMBALAGENS DE CONSUMO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Balan Mendoza JAIME

    1998-05-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo avaliar a estabilidade do molho de tomate em diferentes embalagens de consumo (vidro, metálica e cartonada, após simulação de transporte e estocagem a 23 e 35oC, por um período 240 dias ao abrigo da luz. O parâmetro de cor avaliado separadamente não influenciou significativamente a perda de qualidade dos produtos a 23oC, mas teve influência significativa à 35oC. O molho de tomate acondicionado na embalagem cartonada apresentou maior perda de cor em relação às demais, devido às características intrínsecas deste tipo de embalagem, sobretudo sua maior permeabilidade ao oxigênio, provocando um maior escurecimento e a conseqüente redução na vida útil do produto. Considerando-se este aspecto, a taxa de deterioração da cor na embalagem cartonada, comparativamente às demais foi, em termos médios, cerca de 1,7 e 1,9 vezes superior às embalagens metálicas e de vidro, nas temperaturas de 23 e 35oC, respectivamente. O parâmetro sensorial mais crítico e utilizado como indicativo da vida útil foi a perda de qualidade (PQ, uma vez que englobou as alterações de cor e sabor do produto. O molho acondicionado na embalagem cartonada apresentou valores de PQ entre 3,5 e 4,1 vezes superior aos valores obtidos para o produto nas embalagens de vidro e metálica à 23oC, respectivamente. Na temperatura de 35oC, as taxas foram 2,1 e 1,6 vezes superiores, respectivamente. De forma geral, as embalagens de vidro e metálicas apresentaram um desempenho similar entre si, com melhores características de proteção ao produto, devido à barreira oferecida quanto à entrada de oxigênio.The aim of this study was to investigate the tomato sauce stability in different types of commercial packages (glass, can and aseptic carton, after transport simulation and storage protected from light at 23 and 35oC during 240 days. Color characteristics apart-evaluated not influenced the product loss quality at 23oC, but has

  6. MAUS HÁBITOS ALIMENTARES DE ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PÚBLICAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Henrique Silva Sales

    2014-08-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou avaliar aspectos da alimentação dos estudantes de escolas públicas e identificar os agentes que contribuem para a gênese e permanência dos maus hábitos alimentares. Participaram da pesquisa 610 estudantes, com idades entre 15 e 19 anos, de ambos os sexos. O estudo do tipo analítico e quantitativo foi realizado por meio da aplicação de um questionário aos alunos de três escolas da rede pública na cidade de São Luís do Maranhão em 2008, que abordou os seguintes pontos: hábitos alimentares, estilo de vida, alimentos oferecidos nas lanchonetes das escolas, patologias manifestadas e participação em palestras sobre nutrição e alimentação oferecidas pelas instituições de ensino. Os dados levantados apresentaram um quadro preocupante sobre a alimentação dos estudantes entrevistados. Observou-se a escassez de palestras e intervenções de cunho educativo sobre alimentação saudável no ambiente escolar. Essa ausência de informação coopera para a continuidade de práticas alimentares inadequadas. Além disso, segundo os alunos as lanchonetes ofertam alimentos ricos em açucares, óleos e gorduras, os chamados fast food, consumidos por eles diariamente. Outra prática comum entre os adolescentes e que também foi relatada pelos entrevistados é a substituição das refeições por esses lanches rápidos, maus hábitos alimentares associados diretamente ao surgimento de patologias,como obesidade e sobrepeso.

  7. Conhecimento dos cirurgiões dentistas sobre manifestações orais em pacientes portadores de transtornos alimentares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nathalia Luersen Maciel

    2017-08-01

    Full Text Available Os transtornos alimentares podem repercutir nos dentes e nos tecidos bucais. O tratamento destes transtornos demanda de uma abordagem interdisciplinar e o cirurgião-dentista representa um importante papel na equipe multiprofissional. O objetivo deste estudo foi verificar e analisar o conhecimento dos cirurgiões-dentistas a respeito da Anorexia Nervosa e Bulimia Nervosa e suas manifestações orais. A pesquisa, de natureza quantitativa transversal, foi realizada através da aplicação de questionários a 100 cirurgiões-dentistas do Centro de Estudos Odontológicos CEOM, da Escola de Odontologia IMED e da Iodontus Odontologia. Como resultados, 81% dos profissionais entrevistados realizam atividades educativo-preventivas, 94% relataram que possuíam pouco conhecimento a respeito da Anorexia Nervosa e da Bulimia Nervosa, 95% acreditam na importância do diagnóstico de transtornos alimentares e 57% já teve contato “algumas vezes” com pacientes portadores de transtornos alimentares. Segundos os cirurgiões-dentistas, as principais alterações relatadas foram erosão dentária, sensibilidade, úlceras e eritema de palato e gengiva. Conclui-se, dessa forma, que muitas vezes como primeiros profissionais da saúde a diagnosticar estes distúrbios, os cirurgiões-dentistas ainda necessitam obter um maior conhecimento em relação aos transtornos alimentares e suas manifestações orais, a fim de estarem aptos a realizar um correto diagnóstico e ter sucesso no tratamento odontológico dos pacientes portadores de transtornos alimentares.

  8. Familiares de pessoas diagnosticadas com transtornos alimentares: participação em atendimento grupal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Vilela e Souza

    Full Text Available O discurso biomédico com foco no diagnóstico frequentemente tem sido utilizado como recurso exclusivo para informar a assistência aos familiares de pessoas diagnosticadas com anorexia nervosa e bulimia nervosa. Este estudo buscou compreender como essas famílias constroem justificativas para participação em um grupo de apoio no contexto de tratamento dos transtornos alimentares. Uma sessão desse grupo, que abordava a temática de nosso interesse, foi analisada com apoio do discurso construcionista social. A análise empreendida destacou os sentidos coproduzidos sobre a ausência de alguns familiares no grupo, a diminuição de frequência de participação dos pais, a função desse grupo no tratamento, a periodicidade ideal de participação da família e a possibilidade de familiares e coordenadores do grupo coconstruírem o espaço conversacional.

  9. Avaliação da preferência alimentar em modelo de poliartrite induzida por colágeno

    OpenAIRE

    Eduarda Correa Freitas

    2014-01-01

    Introdução: Artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica associada a alterações no metabolismo proteico e energético. Objetivos: Investigar a preferência alimentar durante o desenvolvimento da inflamação crônica em ratas com artrite induzida por colágeno. Métodos: Ratas Wistar fêmeas foram alocadas em dois grupos: controle (CO, n=10) e artrite induzida por colágeno (CIA; n=11) e expostas simultaneamente a quatro diferentes dietas (padrão, hipercalórica, hiperlipidica e hiperproteica)....

  10. Práticas e consumos dos jovens portugueses em ambientes digitais

    OpenAIRE

    Amaral, Inês; Reis, Bruno Carriço; Lopes, Paula; Quintas, Célia

    2017-01-01

    Na cultura juvenil, as lógicas de mobilidade, multiscreen e multitarefa permitem equacionar novas práticas mediáticas numa era de convergência das plataformas digitais e dos consumos em cross-media. Neste artigo, descrevemos indicadores de atividades online de jovens portugueses com o objetivo de analisar as suas práticas mediáticas digitais e os consumos em rede que decorrem da apropriação dos recursos técnicos. O estudo empírico foi operacionalizado com recurso ao inquérito por questi...

  11. Quais os suplementos alimentares mais utilizados?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Bisotto Ferreira

    2016-07-01

    Full Text Available O consumo de suplementos alimentares tem sido muito utilizado e difundido por praticantes de atividade física, em especial a musculação por pessoas com objetivos de melhora em desempenho, redução de gordura corporal, aumento de massa muscular entre outros. Esta pesquisa tem como objetivo revisar sobre quais os suplementos alimentares são utilizados na atualidade, e destacar o mais utilizado. A fonte dos dados é uma pesquisa bibliográfica realizada em média dos últimos 15 anos, foram examinados 232 estudos, sendo selecionados 48. Os suplementos alimentares discutidos nesse artigo foram: Carboidratos, vitaminas e minerais, l-carnitina, creatina, proteínas e aminoácidos. O principal motivo para a utilização de suplementos foi o aumento de massa muscular, predominantemente indicado por professores, instrutores e treinadores, apesar da grande variedade, os suplementos mais utilizados são as proteínas e aminoácidos, e, na maioria dos casos com o intuito de aumentar a massa muscular e melhorar sua recuperação.

  12. Consumo alimentar e padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil Food intake and meal patterns of adolescents, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar e o padrão de refeições de adolescentes, São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Por meio do Recordatório de 24 horas, avaliou-se o consumo energético total, de macronutrientes, cálcio, ferro e vitamina A e a omissão de refeições ou sua substituição por lanche, de adolescentes de uma escola pública de Ilhabela. Comparou-se o consumo alimentar por grupo com a Pirâmide Alimentar do adolescente. Foi realizada análise descritiva, aplicou-se o teste Qui-quadrado (p OBJECTIVE: To assess food intake and meal patterns in adolescents, a cross-sectional study was conducted with 228 adolescents from a public school, SP, Brazil. METHODS: Total energy, macronutrients, calcium, iron, and vitamin A intakes were evaluated. The food pattern was compared with the eating patterns established by the Food Pyramid for adolescents. Meal frequency was assessed to identify meal skipping. Descriptive statistics and Chi Square were used. RESULTS: Mean energy intake was lower than estimated for 66% adolescents, carbohydrate intake was lower than estimated for 50% adolescents, fat intake was higher than estimated for 50% of adolescents, and protein intake was above the recommendation for 40% of adolescents. Among adolescents studied, 21% skipped breakfast and one third of them had snacks instead of lunch or dinner. CONCLUSION: The diet of adolescents had insufficient energy intake and deficient intake of fruits and vegetables. Meal patterns were satisfactory, but breakfast should be encouraged.

  13. Transformaciones alimentarias en Puerto Vallarta, México Mudancas alimentares em Puerto Vallarta, Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ávila

    2009-12-01

    Full Text Available Puerto Vallarta está situada na costa meridional do Pacífico mexicano, destino turístico considerado de grande prestígio. Além disso, é também reconhecida pela sua qualidade de sua cozinha, vista como gourmet. Entretanto, a alta gastronomia é apenas uma parte da vasta diversidade de culinárias que se oferecem nessa cidade-porto, um resultado das profundas mudanças sociais ali transcorridas nas últimas três décadas. O texto oferece uma breve explanação da introdução e evolução de alguns usos alimentares em Puerto Vallarta, expondo também uma articulação com o contexto local, analisando o abastecimento, a composição alimentar e seus ritmos. Nesse sentido, questiona-se a existência de um modelo alimentar local justaposto às fortes influências exógenas e que teria poucos vínculos com uma possível identidade cultural da população local.Puerto Vallarta, located on the Mexican Pacific coast, is now a prestigious tourist destination. It is also considered a venue for gourmet cooks, due to the elaborate variety of gastronomy available. Nevertheless, what meets the eye is only part of a motley crowd of culinary possibilities that emerge simultaneously in this port, which in turn are the result of the giddy social change of the last three decades. The following text gives a brief explanation of the historic evolution of Puerto Vallarta regarding the introduction of different culinary traditions; it explores the perceptions of local inhabitants of these gastronomic innovations; these perceptions are duly related to a supposed local cultural ethos; and finally it proposes that the juxtaposition of what is on offer gastronomically is an extension of certain ‘food models’ and the development of a new socio-cultural identity.Situado en la costa meridional del Pacífico mexicano, Puerto Vallarta es un sitio turístico prestigiado, y es también considerado un destino de cocina gourmet. Sin embargo, la alta gastronomía es s

  14. Mudanças no consumo alimentar e atividade física de escolares de Florianópolis, SC, 2002 - 2007 Cambios en el consumo alimentario y actividad física de escolares de Florianópolis, Sur de Brasil, 2002-2007 Changes in food consumption and physical activity in schoolchildren of Florianópolis, Southern Brazil, 2002 - 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe Ferreira da Costa

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a mudança em cinco anos do consumo alimentar e nível de atividade física em escolares. MÉTODOS: Estudo com amostra representativa (n = 4.168 de escolares de sete a dez anos de idade de Florianópolis, SC. Medidas do consumo alimentar e atividade física foram realizadas em dois estudos de base escolar em 2002 (n = 2.936; 51% meninos; idade média = 8,5 anos e 2007 (n = 1.232; 50,7% meninos; idade média = 8,6 anos, utilizando questionários ilustrados. O teste do qui-quadrado foi utilizado para avaliar a mudança no consumo de oito alimentos/grupos de alimentos, no atendimento às recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e no nível de atividade física (avaliado segundo os terços de distribuição do escore e o tipo de deslocamento para a escola. As análises foram realizadas segundo a rede de ensino. RESULTADOS: Houve redução da proporção de crianças que relatou o consumo de frutas, verduras e legumes, feijão, carnes, guloseimas, pizza, batata frita e refrigerantes. Maior proporção de escolares da rede privada atendeu às recomendações de restrição de consumo de refrigerantes, pizzas e batata frita, e de maior consumo de frutas, verduras e legumes, em ambos os estudos. Por outro lado, maior proporção de escolares da rede pública atendeu às recomendações para o consumo de carnes em 2007. Os valores medianos do escore de atividade física diminuíram em 2007. Em ambos os anos escolares da rede privada foram mais ativos. A proporção de escolares que se deslocou ativamente para a escola reduziu de 49% para 41% (p OBJETIVO: Evaluar el cambio en cinco años de consumo alimentario y nivel de actividad física en escolares. MÉTODOS: Estudio con muestra representativa (n=4.168 de escolares de siete a diez años de Florianópolis, Sur de Brasil. Medidas de consumo alimentario y actividad física fueron realizadas en dos estudios de base escolar en 2002 (n=2.936; 51% niños; edad promedio

  15. Mudanças no consumo alimentar e atividade física de escolares de Florianópolis, SC, 2002 - 2007 Cambios en el consumo alimentario y actividad física de escolares de Florianópolis, Sur de Brasil, 2002-2007 Changes in food consumption and physical activity in schoolchildren of Florianópolis, Southern Brazil, 2002 - 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe Ferreira da Costa

    2012-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a mudança em cinco anos do consumo alimentar e nível de atividade física em escolares. MÉTODOS: Estudo com amostra representativa (n = 4.168 de escolares de sete a dez anos de idade de Florianópolis, SC. Medidas do consumo alimentar e atividade física foram realizadas em dois estudos de base escolar em 2002 (n = 2.936; 51% meninos; idade média = 8,5 anos e 2007 (n = 1.232; 50,7% meninos; idade média = 8,6 anos, utilizando questionários ilustrados. O teste do qui-quadrado foi utilizado para avaliar a mudança no consumo de oito alimentos/grupos de alimentos, no atendimento às recomendações do Guia Alimentar para a População Brasileira e no nível de atividade física (avaliado segundo os terços de distribuição do escore e o tipo de deslocamento para a escola. As análises foram realizadas segundo a rede de ensino. RESULTADOS: Houve redução da proporção de crianças que relatou o consumo de frutas, verduras e legumes, feijão, carnes, guloseimas, pizza, batata frita e refrigerantes. Maior proporção de escolares da rede privada atendeu às recomendações de restrição de consumo de refrigerantes, pizzas e batata frita, e de maior consumo de frutas, verduras e legumes, em ambos os estudos. Por outro lado, maior proporção de escolares da rede pública atendeu às recomendações para o consumo de carnes em 2007. Os valores medianos do escore de atividade física diminuíram em 2007. Em ambos os anos escolares da rede privada foram mais ativos. A proporção de escolares que se deslocou ativamente para a escola reduziu de 49% para 41% (p OBJETIVO: Evaluar el cambio en cinco años de consumo alimentario y nivel de actividad física en escolares. MÉTODOS: Estudio con muestra representativa (n=4.168 de escolares de siete a diez años de Florianópolis, Sur de Brasil. Medidas de consumo alimentario y actividad física fueron realizadas en dos estudios de base escolar en 2002 (n=2.936; 51% niños; edad promedio

  16. Modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi construir um modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiros do sexo feminino. Participaram 1.358 adolescentes de quatro cidades. Foram avaliados os comportamentos de risco para os transtornos alimentares, insatisfação corporal, pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, sintomas depressivos e perfeccionismo por intermédio de escalas psicométricas. Peso, estatura e dobras cutâneas foram aferidos para calcular o índice de massa corporal (IMC e o percentual de gordura (%G. O modelo de equação estrutural explanou 76% da variância dos comportamento de risco (F(9, 1.351 = 74,50; p = 0,001. Os achados indicaram que a insatisfação corporal mediou a relação entre as pressões midiáticas, autoestima, estado de humor, IMC, %G e os comportamentos de risco (F(9, 1.351 = 59,89; p = 0,001. Vale destacar que embora os sintomas depressivos não tenham se relacionado com a insatisfação corporal, o modelo indicou relação direta com os comportamentos de risco para os transtornos alimentares (F(2, 1.356 = 23,98; p = 0,001. Concluiu-se que somente o perfeccionismo não aderiu ao modelo etiológico dos comportamentos de risco para os transtornos alimentares em adolescentes brasileiras.

  17. Efeito do peso do suíno em terminação ao início da restrição alimentar sobre o desempenho e a qualidade da carcaça

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bertol Teresinha Marisa

    2001-01-01

    Full Text Available Foi desenvolvido um estudo para determinar em que peso vivo deve se iniciar a restrição alimentar (RA, visando à melhoria do desempenho e da qualidade da carcaça em suínos machos castrados e fêmeas em terminação, alimentados com ração farelada, no período de inverno. Foram comparados quatro tratamentos: T1 - alimentação à vontade (AV até o abate; T2 - AV até os 90 kg PV e após restrição alimentar (RA de 10%; T3 - AV até os 75 kg peso e após RA de 10%; T4 - AV até os 60 kg PV e após RA de 10%. O experimento iniciou-se com peso vivo inicial dos animais de 52,58 ± 2,34 kg PV e encerrou-se com o peso de 119,27 ± 1,99 kg PV, quando os animais foram abatidos. A restrição alimentar iniciada em qualquer idade reduziu o ganho de peso diário (GPD, mas não melhorou a conversão alimentar (CA nem as características de carcaça dos machos castrados. Nas fêmeas, o GPD só foi reduzido naquelas que iniciaram a RA aos 60 kg peso, não havendo melhora da CA e nem da qualidade da carcaça com a RA iniciada em qualquer idade. Portanto, suínos com alto potencial para deposição de carne magra e baixo consumo voluntário de alimento, alimentados com dietas fareladas e contendo níveis adequados de aminoácidos, não respondem à restrição de energia com início entre os 60 e 90 kg PV para melhorar o desempenho e a qualidade da carcaça.

  18. Corantes alimentares presentes em alimentos ultraprocessados consumidos por universitários / Food dyes present in ultra-processed foods consumed by university students

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dayana Nolasco Gama

    2018-04-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever os corantes alimentares presentes nos alimentos ultraprocessados consumidos por 273 graduandos de uma universidade pública do Rio de Janeiro. Métodos: Foi caracterizado o perfil sociodemográfico e de saúde a partir de questionário semiestruturado. Consumo de alimentos ultraprocessados foi obtido através do Questionário de Frequência Alimentar (gelatinas, biscoitos recheados, balas e chicletes, refrigerantes, preparados sólidos para refresco, sucos industrializados, temperos prontos e macarrão instantâneo e os corantes foram identificados nos rótulos dos produtos. Resultados: O consumo de produtos contendo corantes como gelatinas, balas e chicletes, refrigerantes e sucos industrializados foi acima de 80%. Balas e chicletes e temperos prontos tiveram consumo quase diário, sendo 56,9% e 54,1% respectivamente. Conclusão: Identificaram-se quatorze corantes nos rótulos dos produtos industrializados ultraprocessados.  Destacaram-se os corantes artificiais caramelos III e IV, bordeuax S, amarelo crepúsculo e tartrazina, e naturais urucum e carmim. Descritores: Corantes de alimentos, hábitos alimentares, risco.

  19. Avaliação do consumo alimentar de crianças pertencentes a uma creche filantrópica na Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro, Brasil Food intake assessment of children attending a philanthropic daycare center in the Ilha de Paquetá, Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane M. S. Barbosa

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVOS: comparar o consumo alimentar de pré-escolares, pertencentes a uma creche filantrópica, em dois períodos (no ato da matrícula e após seis meses, com base na proposta da Pirâmide Alimentar Infantil Norte-Americana e através do Índice de Alimentação Saudável (IAS. MÉTODOS: relativamente à avaliação dietética, foi utilizada a história alimentar da criança com o responsável, no ato da matrícula; após seis meses de frequência da criança, utilizou-se o método de pesagem de alimentos (na creche e registro alimentar (na residência. Posteriormente, compararam-se as médias das porções consumidas nos dois períodos, de cada grupo alimentar, utilizando o teste "t" Student, a fim de se verificar a diferença estatística entre os grupos. Considerou-se o nível de significância de 5%. Igualmente, avaliou-se o IAS, nos dois períodos. RESULTADOS: observou-se uma diferença significativa (pOBJECTIVES: to compare the food intake of children in a philanthropic daycare center in two periods (at enrollment and following six months attendance based on the North American Food Guide Pyramid through the Healthy Eating Index (HEI. METHODS: the children eating habits were informed by the parents or custodians at enrollment and following six months of children's attendance, the food weighing technique was performed (at the daycare center and food checking (at home as well. Following, averages of the portions eaten in the two periods were compared in each of the food intake groups through the "t" Student test to determine the statistical significance between the groups, with the significance rate established at 5%. HEI for the two periods was equally assessed. RESULTS: a significant difference (p<0,05 was determined in the average of fruit and vegetable portions consumed, based on the North American Food Pyramid, and a satisfactory scoring of the Healthy Eating Index following six months of the children's attendance of the day care

  20. Insatisfação corporal, prática de dietas e comportamentos de risco para transtornos alimentares em mães residentes em Santos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Baeza Scagliusi

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a insatisfação corporal, a prática de dietas e os comportamentos de risco para transtornos alimentares em uma amostra de mães residentes no município de Santos. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal, de base populacional, com 453 mães de filhos com até 10 anos de idade. As mães responderam ao Teste de Atitudes Alimentares (EAT-26, à Escala de Figuras de Stunkard e a uma questão sobre a prática atual de dietas. RESULTADOS: Das mães, 29,9% apresentaram escore positivo para os comportamentos de risco para transtornos alimentares e 21,8% estavam fazendo dieta para emagrecer no momento da entrevista. No tocante à imagem corporal, 17,5% das mães estavam satisfeitas com o seu tamanho corporal, 71,5% gostariam de diminuir seu tamanho corporal e 11,0% gostariam de aumentá-lo. Os comportamentos de risco para transtornos alimentares foram mais frequentes nas mães insatisfeitas com seus tamanhos corporais (p < 0,0001. CONCLUSÃO: A maioria das mães investigadas estava insatisfeita com os seus tamanhos corporais. A frequência de mães que praticavam dietas ou tinham comportamentos de risco para transtornos alimentares foi similar ou superior aos demais estudos nacionais, conduzidos, em sua maioria, com populações consideradas de risco, como meninas adolescentes e jovens universitárias.

  1. Consumo de energia em escalonadores de transações em sistemas de memória transacional em software

    OpenAIRE

    Marques Junior, Ademir [UNESP

    2016-01-01

    O conceito de Memória Transacional foi criado para simplificar a sincronização de dados em memória, necessária para evitar a computação de dados inconsistentes por processadores multinúcleos, que se tornaram padrão devido às limitações encontradas em processadores de um núcleo. Em evolução constante pela busca de desempenho, os escalonadores de transação foram criados como alternativa aos gerenciadores de contenção presentes nos Sistemas de Memória Transacional. O consumo de energia é preocup...

  2. Consumo alimentar na gestação e no pós-parto segundo cor da pele no município do Rio de Janeiro Food intake during pregnancy and postpartum according to skin color in Rio de Janeiro, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Maria de Aquino Lacerda

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar durante a gestação e pós-parto, segundo cor da pele. MÉTODOS: Estudo longitudinal prospectivo que incluiu 467 mulheres entre 15 e 45 anos no período pós-parto, no município do Rio de Janeiro, entre 1999 e 2001. Foi aplicado um questionário de freqüência de consumo de alimentos aos 15 dias pós-parto (consumo referente ao período da gestação e aos seis meses (consumo referente ao período pós-parto. Foi utilizada análise de covariância para analisar diferenças no consumo alimentar, segundo cor da pele, controlada pela escolaridade. RESULTADOS: Durante a gestação, pretas e pardas apresentaram consumo de energia 13,4% e 9,1% (p=0,009 e p=0,028 e consumo de carboidrato 15,1% e 10,5% maior que brancas (p=0,005 e p=0,014, respectivamente. Mulheres pretas e brancas apresentaram consumo energético 34% e 20% acima das recomendações nutricionais, respectivamente (p=0,035. Durante o período pós-parto, as pretas apresentaram consumo de energia 7,7% maior e consumo de lipídios 14,8% maior que as brancas; consumo de ácidos graxos saturados 23,8% maior que brancas (p=0,003 e 13% maior que pardas (p=0,046. A adequação de consumo de lipídios e ácidos graxos saturados foi maior em pretas que em brancas (p=0,024 e p=0,011, respectivamente. CONCLUSÕES: Os resultados mostram ser necessário revisar estratégias de intervenção nutricional no pré-natal e implementar assistência nutricional no pós-parto, para ajustar o consumo alimentar a níveis adequados, considerando as diferenças por cor/raça identificadas.OBJECTIVE: To assess dietary intake during pregnancy and postpartum according to skin color. METHODS: A longitudinal prospective study was carried out comprising 467 postpartum women aged between 15-45 years in the city of Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, in 1999-2001. A food frequency questionnaire was administered at two weeks postpartum (intake covering the pregnancy period and at

  3. Hábitos e práticas alimentares em três localidades da cidade de São Paulo (Brasil Eating habits and practices in three localities within the city of São Paulo (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Pedroso de Oliveira

    1998-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo principal o estudo do consumo alimentar em três localidades na cidade de São Paulo. Um inquérito alimentar foi realizado, nos meses de julho e agosto de 1993, junto a trinta e duas mulheres, apresentando características socioeconômicas distintas: 11 na Favela de São Remo (baixa renda, 11 na Vila Madalena (renda média e 10 no Parque Continental (renda alta. Utilizou-se o método recordatório de 24 horas e o de freqüência alimentar, além de questões abertas sobre hábitos, práticas e estratégias alimentares. Observou-se semelhanças entre os grupos estudados, como por exemplo, o aumento do consumo de alimentos industrializados, o supermercado como principal local de compra de alimentos, a importância dada à carne, às frutas e aos legumes, a preferência por alimentos frescos em relação aos industrializados, as substituições ligadas à evolução dos preços dos alimentos e/ou preocupações com a saúde. Por outro lado, prevaleceu a diferenciação do consumo em função das condições socioeconômicas das famílias, verificada pela maior diversificação alimentar com a elevação da renda, com diferenças significativas (pThe principal objective of this study was an assessment of food consumption in three localities within the city of São Paulo. A food inquiry was undertaken in the months of July and August, 1993, involving thirty-two women who presented distinct socio-economic characteristics: eleven from São Remo shanty-town (low income, eleven from Vila Madalena (medium income and ten from Parque Continental (high income.The 24-hour recall and the eating frequency methods were used, as well as open questions about eating habits, practices and strategies. Similarities were observed among the groups studied: for example, the increase in the consumption of industrialized food-stuffs, the supermarket as the principal shopping place, the importance given to meat, fruits and vegetables in the

  4. Influência do consumo alimentar na gestação sobre a retenção de peso pós-parto Influencia del consumo alimentario en la gestación sobre la retención de peso post-parto Influence of dietary intake during gestation on postpartum weight retention

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Bortoletto Martins

    2011-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da alimentação durante a gestação sobre a retenção de peso pós-parto. MÉTODOS: Foram acompanhadas 82 gestantes adultas e saudáveis que iniciaram o pré-natal em serviço público de saúde no Município de São Paulo, SP, entre abril e junho de 2005. As medidas de peso e estatura foram aferidas na primeira entrevista (até 16 semanas de gestação e a medida de peso foi repetida em visita domiciliar 15 dias após o parto. O Recordatório de 24 horas foi usado para avaliar o consumo alimentar e foi aplicado nos três trimestres da gestação. Foi calculado o consumo médio de gordura saturada, fibras, açúcar adicionado, refrigerantes, alimentos processados, frutas, verduras e legumes, e a densidade energética da dieta. A retenção de peso foi obtida pela diferença entre a medida de peso pós-parto e a primeira medida realizada. A influência da alimentação sobre a retenção de peso pós-parto foi avaliada por meio de análise de regressão linear múltipla e foi realizado o teste para tendência linear. As variáveis utilizadas para ajuste do modelo foram: índice de massa corporal no início da gestação, estatura, renda familiar per capita, tabagismo, idade e escolaridade. RESULTADOS: O índice de massa corporal inicial médio foi de 24 kg/m² e a retenção média de peso foi de 1,9 kg. O aumento do consumo de gordura saturada (p = 0,005 e alimentos processados (p = 0,014 elevou de forma significativa a retenção de peso pós-parto, após ajuste pelas variáveis de controle. As demais variáveis de consumo alimentar não apresentaram relação significativa com a variável desfecho. CONCLUSÕES: O maior consumo de alimentos não saudáveis, como alimentos processados, e de gordura saturada influencia a elevação da retenção de peso pós-parto.OBJETIVO: Evaluar la influencia de la alimentación durante la gestación sobre la retención de peso post-parto. MÉTODOS: Fueron acompañadas 82

  5. Consumo de fibra alimentar por crianças e adolescentes com constipação crônica: influência da mãe ou cuidadora e relação com excesso de peso Dietary fiber intake for children and adolescents with chronic constipation: influence of mother or caretaker and relationship with overweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Santos Mello

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da mãe ou da cuidadora sobre o consumo de fibra alimentar por crianças e adolescentes com constipação crônica bem como sua relação com a ocorrência de excesso de peso. MÉTODOS: Estudo transversal com 38 crianças e adolescentes com constipação funcional e suas respectivas cuidadoras. Para análise do consumo de fibra alimentar, foi utilizado o registro alimentar de três dias. Peso e estatura foram aferidos para verificar o estado nutricional. A história familiar de constipação foi investigada. RESULTADOS: A maioria dos pacientes com constipação (89,5%; 34/38 apresentava consumo insuficiente de fibra (inferior à idade +5g. Das 38 cuidadoras, apenas uma (2,6% apresentou ingestão de fibra superior à recomendação mínima (20g/dia. Excesso de peso foi encontrado em 28,9% (11/38 dos pacientes e em 60,5% (23/38 das suas responsáveis. Associação entre excesso de peso e presença de constipação foi verificada entre as cuidadoras (p=0,046. As crianças e adolescentes do sexo feminino com excesso de peso apresentaram menor ingestão de fibra, comparadas às sem excesso de peso (p=0,011. Nos pacientes do sexo masculino, essa associação não foi observada. O consumo de fibra pelas cuidadoras com excesso de peso foi inferior ao das demais (p=0,027. Observou-se correlação entre consumo de fibra pelas crianças com constipação e suas cuidadoras, nos sexos masculino (r=+0,561; p=0,005 e feminino (r=+0,782; pOBJECTIVE: To evaluate the influence of the mother or caretaker on the consumption of dietary fiber by children and adolescents with chronic constipation and its relationship with the occurrence of overweight. METHODS: This cross-sectional study enrolled 38 children and adolescents with functional constipation and their respective caretakers. A three-day food register was used for the analysis of the dietary fiber consumption. Weight and height were measured to verify the nutritional status

  6. Compulsão alimentar e bulimia nervosa em praticantes de exercício físico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Raulino Tramontt

    2014-10-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudos nacionais mostram variações na prevalência de compulsão alimentar entre 14,9 a 18,1%, enquanto a bulimia nervosa (BN apresenta-se em torno de 1 a 3,6%. Indivíduos que apresentam transtornos alimentares procuram espaços onde o exercício físico é estimulado e assim mascaram características da doença, exercitando-se compulsivamente após um episódio de compulsão alimentar. OBJETIVO: Identificar a prevalência de transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP e bulimia nervosa em praticantes de exercício físico associando ao estado nutricional, modalidade, frequência, duração e objetivo da prática do exercício físico. MÉTODOS: Estudo transversal composto por 103 indivíduos maiores de 18 anos com idade média de 37,7 (DP±15,6 anos, de ambos os sexos, praticantes de exercício físico há pelo menos três meses ininterruptos antes do início da pesquisa. Para análise da prevalência de TCAP e BN foi utilizado o Questionário sobre Alimentação e Peso (QEWP-R e um questionário específico sobre exercício físico. O estado nutricional foi classificado conforme o IMC. RESULTADOS: A prevalência de TCAP entre os indivíduos praticantes de exercício físico foi de 0,97%. Houve associação entre valores de IMC mais alto (p=0,026, idade menor (para TCAP p=0,036, BN p=0,01 e objetivo da prática de exercício físico declarado "estética" (para TCAP p=0,011 e BN p=0,043 com maiores pontuações nos escores de TCAP e BN. CONCLUSÃO: A prevalência de TCAP e BN encontrada neste estudo está de acordo com o referido na literatura internacional. Não foram encontradas associações entre compulsão alimentar e maior frequência de exercício físico.

  7. Insegurança alimentar em domicílios brasileiros com crianças menores de cinco anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Poblacion

    2014-05-01

    Full Text Available Este artigo se propõe a estudar o processo de insegurança alimentar e fome em domicílios brasileiros com crianças menores de cinco anos. É um estudo transversal com representatividade nacional executado com dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher (PNDS-2006 tendo como variável dependente a insegurança alimentar moderada e grave (IAM+G, medida através da Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA. Foram geradas estimativas de prevalência e razão de prevalência com intervalos de 95% de confiança. Os resultados apontam para alta prevalência de IAM+G concentrada nas regiões Norte e Nordeste (30,7%, nas classes econômicas D e E (34% e em beneficiários de Programas de Transferência de Renda (PTR; 36,5%. O modelo de análise multivariada constatou que os riscos sociais (beneficiário de PTR, regionais (Norte e Nordeste e econômicos (classes D e E eram de 1,8, 2,0 e 2,4, respectivamente. Agregando-se os três riscos observou-se que 48% dos domicílios encontravam-se em IAM+G, ou seja, crianças e adultos passaram fome nos três meses anteriores ao inquérito.

  8. Over the Top: o consumo audiovisual em softwares culturais

    OpenAIRE

    Wagner Silva Montes

    2014-01-01

    Este trabalho visa abordar o status atual das plataformas de distribuição de vídeo via internet no Brasil, procurando compreender seu estatuto transformador do modo de consumo doméstico de vídeo. Para tanto, utilizaremos os recursos teóricos disponíveis que tratam de novas mídias e internet, procurando também através da experiência profissional do autor na participação no desenvolvimento de uma plataforma nacional de distribuição de vídeo, estabelecer pontos comuns e singularidades desse novo...

  9. Estado nutricional e consumo alimentar de adolescentes de um centro de juventude da cidade de São Paulo Nutritional status and food consumption of adolescents registered at a center of youth from the city of São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giorgia Christina Barbosa Garcia

    2003-01-01

    Full Text Available Foram avaliados o estado nutricional e o consumo alimentar de 153 adolescentes dos sexos masculino e feminino, com média de idade de 11,90 ± 1,26 anos, de baixo nível socioeconômico, matriculados em um Centro de Juventude da cidade de São Paulo. Para a classificação do estado nutricional foram utilizados como pontos de corte os percentis da distribuição de Índice de Massa Corporal por idade e sexo. Aplicou-se recordatório de 24 horas, com auxílio do álbum de registros fotográficos, para estimar o consumo alimentar. Calculou-se o Índice de Qualidade Nutricional para cálcio e ferro. As médias dos valores de energia, proteína, carboidrato, lipídios, cálcio, ferro e colesterol foram de 1953kcal, 69g, 264g, 69g, 517mg, 10mg e 329mg, respectivamente. Com relação ao estado nutricional, 78,4% dos adolescentes encontravam-se na faixa de normalidade, 11,8% apresentavam risco de sobrepeso, 7,8% estavam com sobrepeso e 2,0% tinham baixo peso. Detectou-se consumo insuficiente de cálcio, especialmente entre as meninas (98,4%, que também apresentaram maior proporção de qualidade da dieta "pobre" e "regular" em ferro (73,8%.This paper evaluated the nutritional status and the food consumption of 153 adolescents (males and females, with a median age of 11.9 years (±1.26, and with low socioeconomic level, registered at a Center of Youth from the city of São Paulo. To evaluate the nutritional status, cutoff points based on percentiles of the distribution of Body Mass Index for age and sex were adopted. A 24-hour recall, with an album of photographic registers, was applied to estimate the food consumption. The Nutritional Quality Index for calcium and iron was calculated. The average values of energy, protein, carbohydrate, lipids, calcium, iron and cholesterol were 1953kcal, 69g, 264g, 69g, 517mg, 10mg and 329mg, respectively. According to the assessment of the nutritional status, 78.4% of the adolescents were within the range of

  10. Agentes comunitários de saúde da zona leste do município de São Paulo: um olhar para seu estado nutricional e consumo alimentar - doi:10.5020/18061230.2008.p3

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexanndra Corrêa de Freitas

    2012-01-01

    Full Text Available Objetivo: Caracterizar o perfil sócio-demográfico, o estado nutricional, a presença de doenças crônicas não-transmissíveis e o consumo alimentar de agentes comunitários de saúde (ACS pertencentes a cinco Unidades de Saúde da Família da Zona Leste do Município de São Paulo. Métodos: Tratou-se de um estudo quantitativo, descritivo e exploratório desenvolvido com 88 indivíduos. Coletaram-se dados sobre a situação sócio-demográfica, dados antropométricos(peso, estatura e circunferência da cintura, informações sobre presença de doenças crônicas não-transmissíveis e de consumo alimentar. Resultados: Os participantes dessa pesquisa eram predominantemente do sexo feminino 83 (94,3%, com idade variável entre 20 e 55 anos. A maioria era natural da região Sudeste 72 (81,2%, possuía ensino médio concluído 71 (80,7% e tinha renda familiar entre 2 e 5 salários mínimos 62 (70,4%. A avaliação antropométrica revelou que 46 (52,3% estavam eutróficos, 41 (46,6% com excesso de peso e 41 (46,6% apresentavam risco elevado ou muito elevado para doenças cardiovasculares, apesar de 77 (87,5% não terem referido qualquer doença crônica não-transmissível. Quanto ao consumo alimentar, encontrou-se consumo diário de arroz, feijão, pão e margarina ou manteiga e baixo consumo de leite e derivados, frutas, verduras e legumes. As carnes bovina e de frango eram as mais consumidas. O café apareceu como bebida de maior consumo diário, seguido do suco artificial. As frituras e doces eram consumidos semanalmente por 34,9% e 53,4% dos ACS, respectivamente. Conclusão: O excesso de peso e a obesidade abdominal foram os principais acometimentos à saúde dos ACS, tendo, ambos, estreita relação com suas práticas alimentares inadequadas; as quais também estavam relacionadas às suas características sócio-demográficas. NCT00682604.

  11. Distúrbios alimentares e sua associação com erosão e cárie dentária em adolescentes

    OpenAIRE

    Brandt, Lorenna Mendes Temóteo

    2015-01-01

    Os prejuízos na saúde bucal de indivíduos portadores de distúrbios alimentares vêm sendo investigados, trazendo consigo questões discordantes quanto ao comprometimento dos dentes. Diante disso, realizou-se um estudo transversal controlado, com o objetivo de avaliar a ocorrência de erosão e cárie dentária em adolescentes mulheres, de 15 a 18 anos, em risco de estarem sofrendo de distúrbios alimentares e compará-las a adolescentes saudáveis. A amostra probabilística foi compos...

  12. Aspectos motivacionais em programas de mudança de comportamento alimentar Motivational aspects in programs of nutritional behavior changes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Alice Altenburg de Assis

    1999-04-01

    Full Text Available Este trabalho procurou reunir as informações concernentes às questões da adesão e motivação de indivíduos em programas de intervenção alimentar que visam à mudança do comportamento. Foram considerados os artigos publicados a partir de 1990, abordando inicialmente uma definição de termos sobre complacência, aderência, motivação, manutenção, recaída e lapso, palavras comumente utilizadas nos estudos sobre mudanças de comportamento. O tema fatores que interferem nas escolhas alimentares e na aderência à dieta trata genericamente, dos aspectos que determinam os hábitos e as preferências alimentares e tece considerações sobre as questões que permeiam a relação profissional-paciente. A seguir foram abordadas as principais teorias motivacionais que fundamentam os programas de intervenção alimentar e algumas considerações sobre a aplicação destas teorias num programa de intervenção nutricional. O "estado da arte" dos programas de intervenção nutricional que visam à mudança do comportamento alimentar, apresentado nas publicações relatadas, aponta para a necessidade da utilização e integração dos modelos da teoria social cognitiva e treinamento profissional para aquisição de habilidades técnicas para motivar as pessoas na realização das mudanças desejáveis.This article is a review of the most recent publications related to the motivation and adherence factors in nutritional intervention programs directed toward behavioral changes. The review included papers published since 1990. The initial part of the article presents the definitions of several terms commonly associated with researches on the behavioral change area, such as adherence, complacence, motivation, maintenance and relapse. Afterwards, the authors present information related to the factors that have been found to interfere in food choices and those that may determine the nutricional habits. The patient - professional relationship is also

  13. Avaliação do consumo de água em torneiras em ambiente universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Carlos Demanboro

    Full Text Available organizações ao redor do mundo. Além dos benefícios ambientais atualmente, o consumo de água está na agenda da maioria das advindos do uso dos recursos naturais, há também motivações financeiras para continuamente reduzir os custos operacionais. Neste artigo são apresentados os resultados das medições feitas em torneiras na Pontifícia Universidade Católica de Campinas. As medições foram obtidas automaticamente através de uma rede de sensores sem fio, mediante o uso de dispositivos Rfbee e Xbee, especificamente desenvolvidos para coletar os dados. Os principais resultados mostram que o consumo de água é alto e que medidas devem ser tomadas para reduzir o consumo de água para menos de 5 litros por minuto.

  14. Consumo alimentar da população adulta segundo perfil sócio-econômico e demográfico: Projeto Bambuí

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonomo Élido

    2003-01-01

    Full Text Available Foi realizado inquérito nutricional em amostra probabilística de 546 indivíduos (idade > 18 anos, residentes na cidade de Bambuí (15 mil habitantes, Minas Gerais, Brasil, utilizando-se o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar (QSFA. A mediana de ingestão calórica entre mulheres e homens foi de 2.807 e 3.775kcal, respectivamente. Homens ingeriram quatro vezes mais álcool que mulheres e estas, mais carboidratos, fibras e ácidos graxos polinsaturados (AGP. A distribuição de proteínas (15%, carboidratos (57% e lipídios (28% foi adequada. As proporções médias de inadequação da participação de lipídios, ácidos graxos saturados (AGS, AGP e colesterol na energia total foram, respectivamente, 36%, 50% e 90%, sendo mais pronunciadas entre os homens. A ingestão de lipídios, AGS e AGP, entre mulheres, e de lipídios e AGS entre homens, aumentou de acordo com a renda. A ingestão de AGP e fibras e a relação AGP/AGS estavam abaixo do recomendado nos dois gêneros. A dieta apresentou proporções de inadequação diferenciais, sugerindo possíveis agregados de risco à saúde da população para doenças cardiovasculares.

  15. Bens de consumo e insegurança alimentar: diferenças de gênero, cor de pele autorreferida e condição socioeconômica Household appliances and food insecurity: gender, referred skin color and socioeconomic differences

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leticia Marin-Leon

    2011-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD, 2004, foram comparadas as diferenças na prevalência de insegurança moderada/grave em relação à segurança alimentar, e insegurança leve quanto à posse de bens de consumo e outras condições socioeconômicas e demográficas. MÉTODOS: Foram estudados os domicílios particulares permanentes, com rendimento domiciliar per capita de até um salário mínimo, utilizando-se a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar respondida por morador do domicílio (n=51.357. A associação entre as variáveis e a variável dependente (segurança alimentar foi verificada pelo teste do Χ2 com nível de significância de 5%. Foram calculadas razões de prevalência brutas e intervalos de confiança de 95% e a análise ajustada foi conduzida por meio de regressão múltipla de Poisson, utilizando Stata 8.0, que incorpora as ponderações do desenho amostral com delineamento complexo. RESULTADOS: A renda domiciliar mensal per capita foi a variável com maior força de associação com a segurança alimentar. Tanto em áreas urbanas quanto rurais, foram encontradas elevadas razões de prevalência para insegurança alimentar moderada ou grave nos domicílios chefiados por mulheres, de cor negra, presença no domicílio de seis ou mais moradores, localização metropolitana e com ausência de alguns bens específicos (fogão, filtro, geladeira, freezer, máquina de lavar roupa e telefone celular. Em modelo que incluiu, entre os bens, apenas a posse de geladeira, a maior razão de prevalência ocorreu na renda de até ¼ de salário mínimo, seguindo-se a ausência de posse de geladeira, tanto nos domicílios chefiados por homens brancos, como por negros e mulheres brancas ou negras. Embora os domicílios chefiados por mulheres e por negros apresentem maior insegurança alimentar, as diferenças intragrupais foram maiores em domicílios chefiados por homens brancos e menores

  16. Avaliação da qualidade protéica de dois suplementos alimentares em ratos Wistar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. M. V. NAVES

    2008-10-01

    Full Text Available

    O objetivo da pesquisa foi avaliar a qualidade protéica de dois suplementos alimentares - um, formulado protéico em pó (produto em fase de teste e gelatina. Seis grupos de seis ratos machos Wistar recém-desmamados foram alimentados durante catorze dias com as seguintes dietas: controle (C10 - caseína, formulado protéico (FP10 e gelatina (G10 ao nível de 10 % de proteína; misturas de caseíma com formulado protéico (C7 FP3 ou gelatina (C7G3 (7:3 em base protéica, respectivamente; e dieta aprotéica. As dietas contendo o formulado protéico apresentaram boa qualidade protéica, segundo os índices NPR (<em>Net Protein Ratioem> e NPU (<em>Net Protein Utilizationem>, sem diferenças significativas entre C7 FP3 e C10 (NPR= 4,00 e 4,11, e NPU= 65% e 67%, respectivamente. Os animais alimentados com gelatina (G10 e com dieta aprotéica perderam peso corpóreo e apresentaram pesos semelhantes dos fígados e inferiores aos dos demais grupos de ratos. O valor protéico da mistura caseína-gelatina (C7G3 foi menor que o da caseína (NPR relativo= 77 %, p<0,05. O formulado protéico constitui uma fonte de proteína de boa qualidade e seu uso como suplemento alimentar pode ser indicado em situações especiais. A gelatina, por sua vez, não pode ser considerada um complemento ou suplemento nutricional, pois não atende às necessidades protéicas do organismo e pode prejudicar a disponibilidade biológica de proteínas de boa qualidade.

  17. Determinantes psicobiológicos do comportamento alimentar: uma ênfase em fatores ambientais que contribuem para a obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Bolzan Quaioti

    2006-01-01

    Full Text Available O comportamento alimentar é multideterminado e somente uma análise psicobiológica é capaz de abordar as interações entre os fatores fisiológicos, psicológicos, genéticos e condições ambientais de um indivíduo. Assim, a capacidade para controlar a ingestão requer mecanismos especializados para harmonizar informações fisiológicas do meio interno com informações nutricionais do ambiente externo. Dentre os fatores externos merece destaque a questão ligada à propaganda de alimentos e a influência cada vez maior da mídia na determinação da dieta dos indivíduos de países desenvolvidos ou em desenvolvimento. Assim, o presente trabalho tem por objetivo analisar as influencias dos fatores ambientais na determinação do comportamento alimentar humano, com especial ênfase naqueles fatores que podem predispor à obesidade.

  18. Avaliação do efeito da educação nutricional na prevalência de sobrepeso/obesidade e no consumo alimentar de escolares do ensino fundamental Evaluating the effect of nutritional education on the prevalence of overweight/obesity and on foods eaten at primary schools

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia S. Fernandes

    2009-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o efeito de um programa de educação nutricional na prevalência de sobrepeso/obesidade e no consumo alimentar de alunos da 2ª série do ensino fundamental. MÉTODOS: Amostra composta por 135 escolares de uma escola privada e uma pública de Florianópolis (SC, divididos entre os grupos com intervenção (n = 55 e sem intervenção (n = 80. Realizaram-se duas avaliações antropométricas e de consumo alimentar, antes e após a aplicação de um programa de educação nutricional. O programa foi composto por oito encontros quinzenais e abordou temas referentes à alimentação saudável, confecção de lanches adequados e atividade física. O diagnóstico nutricional foi obtido pelo índice de massa corporal para idade, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention, e os alimentos consumidos na escola foram classificados em permitidos ou proibidos pela Lei das Cantinas de Santa Catarina. Os dados foram analisados no Statistical Package for the Social Sciences, considerando como significativo p 0,05. Observou-se diminuição significante no consumo de suco artificial (p = 0,013, alimento proibido pela Lei, nas turmas com intervenção. Nas turmas sem intervenção, observou-se aumento significante no consumo de alimentos proibidos, como salgadinho industrializado (p = 0,021 e refrigerante (p = 0,031. Além disso, o cereal matinal, alimento apropriado para o lanche escolar, teve consumo reduzido (p = 0,039. CONCLUSÃO: Foram observadas melhorias em relação à qualidade dos alimentos consumidos pelos escolares após a aplicação do programa de educação nutricional, apesar de sua curta duração.OBJECTIVE: To assess the effects of a nutritional education program on the prevalence of overweight/obesity and on the foods eaten by schoolchildren in the 2nd grade of primary education. METHODS: The sample was made up of 135 schoolchildren, recruited from one private and one public school in Florianópolis, Brazil, and

  19. Avaliação do consumo alimentar de crianças de 0 a 24 meses com cardiopatia congênita Assessment of food intake in infants between 0 and 24 months with congenital heart disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tais Cleto Lopes Vieira

    2007-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As crianças com cardiopatia congênita geralmente são desnutridas e apresentam algum grau de comprometimento funcional e/ou estrutural dos orgãos. Existe, ainda, uma deficiência na ingestão de nutrientes, corroborada pelo controle hídrico, que limita o aporte nutricional de alguns cardiopatas. OBJETIVO: Avaliar o consumo alimentar de crianças com cardiopatia congênita internadas na Unidade de Pediatria Cardiológica de hospital-escola público. MÉTODOS: O consumo de alimentos e nutrientes foi calculado pelo consumo alimentar de três dias (método direto de pesagem e o cálculo das calorias e nutrientes foi feito pelo software Virtual Nutri. RESULTADOS: O consumo de calorias/kg peso, de proteínas diárias, de sódio e de vitamina A esteve dentro do recomendado (p BACKGROUND: Children with congenital heart disease are usually malnourished and present some degree of functional and/or structural impairment of organs. There is also deficiency in nutrient intake, due to the control of fluids required by some patients which restrains the nutrient intake of some cardiac children. OBJECTIVE: To assess the food intake of children with congenital heart disease hospitalized in the pediatric heart unit of a "Public Teaching Hospital". METHODS: The intake of food and nutrients was calculated based on the food consumed during three days (direct weighting method and the calories and nutrients were calculated using the Virtual Nutri software. RESULTS: The intake of calories per kilogram of body weight, of daily proteins, sodium and vitamin A was within the recommended levels (p < 0.05. However, the intake of daily calories, fats, fiber, potassium and iron was below the recommended levels (p < 0.05 and the intake of proteins per kilogram, carbohydrates, calcium and vitamin C was above the recommended levels (p < 0.05. CONCLUSION: Children with congenital cardiopathy have inadequate diets, and therefore, need nutritional guidance to foster

  20. Educação popular, saúde e segurança alimentar em áreas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

    OpenAIRE

    Bianca RÜCKERT; Marília Carla de Mello GAIA

    2014-01-01

    Este artigo analisa o desenvolvimento de uma ação educativa em segurança alimentar e nutricional envolvendo o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, na região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. A partir do registro da experiência, enfatizou-se a metodologia da ação, os saberes mobilizados e as mudanças nas práticas de saúde, segurança alimentar e produção agropecuária dos sujeitos envolvidos. As reflexões apontam para alguns elementos da metodologia que contribuíram para o ...

  1. Transtorno alimentar e variáveis comportamentais relacionadas ao excercício físico em academia de ginástica

    OpenAIRE

    Weis, Andréia

    2013-01-01

    Resumo: O objetivo do estudo foi analisar variáveis comportamentais relacionadas ao exercício físico (compromisso ao exercício físico, modalidades praticadas, objetivos para prática e características de treinamento) em pessoas com transtorno alimentar frenquentadoras de uma academia de ginástica de Balneário Camboriú - SC. Participaram da pesquisa 239 indivíduos, sendo 139 mulheres (32,2, ±11,0 anos) e 100 homens (31,4, ±13,1 anos). Os sujeitos responderam o Teste de Atitudes Alimentares (EAT...

  2. Perfil nutricional e alimentar de portadores de HIV-1/AIDS internados em um hospital universitário = Nutritional and alimentary profile of HIV-1/AIDS patients admitted in a university hospital

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kauffmann, Luanny Kaísa de Oliveira

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar o perfil nutricional e alimentar de portadores de HIV-1, internados em um hospital universitário. Materiais e Métodos: Tratou-se de um estudo transversal, descritivo, no qual a população de estudo foi composta por 54 pacientes internados, de ambos os sexos, adultos, com faixa etária de 20 a 59 anos, acompanhados durante o período de Abril a Outubro de 2014, na Clínica de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP, do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB/UFPA. Foi utilizado formulário próprio para o levantamento das características demográficas, socioeconômicas, antropométricas e dietéticas (QFA. Para verificar a as diferenças de médias foi realizada a análise de variância (ANOVA e o grau de associação entre as variáveis foi medido pela correlação de Pearson, estabeleceu-se como significância valor de p<0,05. Resultados: Prevalência do sexo masculino, os pacientes pertencem a um nível econômico baixo, apresentando também uma baixa escolaridade. O perfil nutricional encontrado nos pacientes, de acordo com os métodos de avaliação antropométrica (índice de massa corporal, prega cutânea tricipital, circunferência do braço e circunferência muscular do braço, apresentou predominância de desnutrição (55,5; 92,6; 79,6 e 55,5%; respectivamente, evidenciando déficit de massa magra e gordura corporal. Encontrou-se ainda significativa correlação linear do índice de massa corpórea com as outras medidas antropométricas compartimentadas. Quanto à ingestão dietética, verificou-se expressivo consumo de alimentos energéticos, significativo consumo de alimentos construtores e baixa ingestão de alimentos reguladores quando comparados ao recomendado. Conclusão: Observou-se que a maioria dos pacientes apresentou estado nutricional de desnutrição e o perfil alimentar, de modo geral, se caracterizou por prevalência de hábitos alimentares saudáveis

  3. Surto de compactação primária de abomaso em bovinos leiteiros associado ao consumo de silagem de girassol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo P. Mesquita

    2012-06-01

    Full Text Available Um surto de compactação primária de abomaso associada ao consumo de silagem de girassol ocorreu num rebanho bovino leiteiro do estado de Minas Gerais, do qual seis de 21 vacas secas em fase final de gestação e que recebiam silagem de girassol morreram. Os bovinos que adoeceram apresentaram distensão abdominal, fezes ressecadas e escassas e, nos bovinos que morreram, eram pastosas, escuras e fétidas; nesses havia também desidratação acentuada e palidez de mucosas. Três bovinos foram necropsiados e os achados patológicos eram constituídos principalmente por distensão acentuada do abomaso associada a grande quantidade de conteúdo alimentar ressecado coberto por coágulos de sangue. No abomaso havia úlceras, com perfuração da parede em um dos bovinos. A alimentação de bovinos de maior exigência nutricional com silagem de girassol de características indesejáveis como única fonte de volumoso foi o principal fator para a compactação de abomaso nos casos apresentados.

  4. Estudo das condições de saúde das crianças do Município de São Paulo, SP (Brasil, 1984/1985: X - Consumo Alimentar A study of children's health in S. Paulo City (Brazil, 1984-1985: X - Food intake

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sophia Cornbluth Szarfarc

    1988-08-01

    Full Text Available Como parte de amplo estudo epidemiológico sobre condições de saúde na infância, uma amostra probabilística de menores de cinco anos residentes no Município de São Paulo (n = 305 foi estudada com relação à adequação nutricional de suas dietas. Através do inquérito recordatorio do consumo alimentar nas últimas 24 horas evidenciou-se que: a a partir de um ano de idade, as dietas tornam-se insuficientes para cobrir as necessidades energéticas de grande parte da população; b em todas as idades, mas particularmente nos primeiros dois anos de vida, o aporte dietético de ferro está muito abaixo das quantidades recomendadas para o consumo do nutriente; c em todas as idades, o aporte de proteína e de vitamina A alcança valores satisfatórios. Tais achados mostraram-se compatíveis com a avaliação clínico-laboratorial do estado nutricional realizada simultaneamente ao inquérito alimentar. A estratificação social da amostra revelou que o nível sócio-econômico familiar influencia fortemente o consumo energético e, de forma menos intensa, o consumo de ferro. Na discussão dos prováveis fatores responsáveis pelos déficits dietéticos encontrados, hipóteses distintas são aventadas para o déficit energético e para o déficit de ferro. No caso do déficit energético, a origem básica do problema pareceria residir no baixo poder aquisitivo da população que condiciona insuficiente disponibilidade de alimentos e ingestão quantitativamente deficiente. No caso do déficit de ferro, a mesma hipótese valeria inteiramente apenas a partir da idade de dois anos. Antes desta idade, fatores relacionados ao desmame precoce e ao atraso na introdução de alimentos ricos em ferro aparentemente seriam mais importantes.As part of a broad epidemiological survey of the health conditions of under-fives, a random sample (n = 305 of children living in S. Paulo city (Brazil was submitted to a 24-hour dietary recall. The main results were: a

  5. Insatisfação corporal, comprometimento psicológico ao exercício e comportamento alimentar em jovens atletas de esportes estéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de Sousa Fortes

    2013-08-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n6p695 Evidências demonstram prevalência elevada para o comportamento alimentar inadequado em atletas. No entanto, pouco se sabe a respeito dos fatores que causam impacto sobre este fenômeno nesta população. O objetivo do estudo foi associar a insatisfação corporal e o grau de comprometimento psicológico ao exercício (GCPE ao comportamento alimentar inadequado em jovens atletas de esportes estéticos. Participaram da pesquisa 47 atletas do sexo feminino de alguns esportes estéticos (ginástica artística, nado sincronizado e saltos ornamentais, com idade entre 12 e 16 anos. Para avaliar o comportamento alimentar de risco para transtornos alimentares (TA, a insatisfação corporal e o GCPE foram utilizados o Eating Attitudes Test (EAT-26, o Body Shape Questionnaire (BSQ e a Commitment Exercise Scale (CES, respectivamente. Dobras cutâneas foram aferidas para o cálculo do percentual de gordura das atletas. Os resultados apontaram associação significativa entre a insatisfação corporal e o comportamento alimentar (p<0,05, assim como entre o GCPE e o comportamento alimentar de risco para TA (p<0,05. A partir da regressão linear múltipla, todas as variáveis, com exceção do percentual de gordura, demonstraram influências sobre o comportamento alimentar de jovens atletas. Este mesmo teste também apontou influências do percentual de gordura e da insatisfação corporal sobre os escores da CES. Concluiu-se que a insatisfação corporal e o GCPE foram fatores predisponentes para o comportamento alimentar de risco em atletas de esportes estéticos.

  6. Feeding strategies of <em>Rattus norvegicusem>: a review / Una sintesi di alcuni aspetti della strategia alimentare del ratto <em>Rattus norvegicusem>

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mara Cagnin

    1987-07-01

    the foraging behaviour of the rat, are: the constant sampling of al1 the potential foods that brings the populations to a noteworthy adaptability to the change of available resources; the social interactions among individuals (mother-pups, adult-adult that are very important in influencing the food preferences and, eventually, the food avoidance; the use of feeding-places, which is considered as a fundamental trait of the foraging behaviour of the rat, working as an information-centre of the animals. Riassunto Sono stati esaminati alcuni dei più importanti aspetti della strategia alimentare del ratto, <em>Rattus norvegicusem> (Berkenhout, 1769 considerando in particolare il comportamento dei selvatici e i lavori in natura. Le marcate differenze individuali nelle preferenze alimentari ed il campionamento continuo di tutte le potenziali fonti alimentari, permettono alle popolazioni naturali di sfruttare un gran numero di risorse dell'ambiente, adattandosi alle sue variazioni. I1 comportamento di accumulo, ben evidenziato in laboratorio ma scarsamente documentato in natura, sembra nel ratto un meccanismo utilizzato solo per far fronte a situazioni particolari (es. surplus di cibo, allattamento. I1 grado di neofobia è variamente modulato in popolazioni che hanno un rapporto con l'ambiente umano e assente nelle popolazioni non commensali. Molto importanti risultano le interazioni sociali fra gli individui (madre-piccoli, adulti-adulti nell'influenzare le scelte alimentari. Vengono discussi i dati relativi alla predazione su Molluschi che confermano l'ipotesi di una trasmissione delle informazioni riguardo alla scoperta di nuovi alimenti e delle tecniche di apertura del guscio. La formazione di mense viene interpretata come un fondamentale aspetto del comportamento di foraggiamento del ratto, rilevante come centro per lo scambio di informazioni fra gli animali.

  7. Agregação familiar e padrões alimentares na população brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábia Albernaz Massarani

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Identificou-se padrões alimentares consumidos no Brasil e a agregação entre pai, mãe e filhos, utilizando o Inquérito Nacional de Alimentação, realizado em 2008/2009 em indivíduos acima de dez anos de idade. O consumo alimentar foi estimado pelo registro alimentar. Os padrões foram identificados por meio de análise fatorial e a agregação familiar dos mesmos foi verificada por regressão linear. Três principais padrões alimentares foram identificados: “lanche tradicional” (1: café, pães, óleos e gorduras, e queijos; “grande refeição tradicional” (2: arroz, feijão e outras leguminosas, e carnes; e “lanches do tipo fast food” (3: sanduíches, carnes processadas, refrigerantes, salgados e pizzas. As maiores associações ocorreram no padrão 2 (β = 0,37 a 0,64. Nos padrões 1 e 3 também foram encontradas associações positivas envolvendo todos os pares, com β variando de 0,27 a 0,44 e de 0,32 a 0,42, respectivamente. O presente estudo evidenciou agregação familiar de padrões de consumo alimentar na população brasileira.

  8. Inadequação do consumo alimentar de crianças e adolescentes com artrite idiopática juvenil e lúpus eritematoso sistêmico Inadequate dietary intake of children and adolescents with juvenile idiopathic arthritis and systemic lupus erythematosus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michelle C. Caetano

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar o consumo alimentar de crianças e adolescentes com artrite idiopática juvenil (AIJ e lúpus eritematoso sistêmico (LES por recordatório de 24 horas e relacioná-lo com características clínicas e antropométricas e com os medicamentos empregados. MÉTODOS: Em estudo transversal, avaliamos os recordatórios de 24 horas de pacientes ambulatoriais. O estado nutricional foi classificado pelo CDC, 2000. Para o cálculo da ingestão, utilizamos o software NutWin UNIFESP-EPM. Para a análise quantitativa e qualitativa, adotamos as Recommended Dietary Allowances e a pirâmide alimentar brasileira. RESULTADOS: A mediana de idade foi 12 na AIJ e 16,5 anos no LES. Na AIJ, 37,5% dos pacientes estavam em atividade de doença, e, no LES, 68,2% tinham Systemic Lupus Erythematosus Disease Activity Index > 4. Foi encontrada desnutrição em 8,3 e 4,5% dos pacientes com AIJ e com LES, respectivamente, e obesidade, em 16,7 e 18,2%. Na AIJ, o consumo excessivo de energia, proteína e lipídios foi de 12,5, 75 e 31,3%, respectivamente. No LES, o consumo excessivo de energia, proteína e lipídios foi de 13,6, 86,4 e 36,4%, respectivamente. Consumo deficiente de ferro, zinco e vitamina A foi observado em 29,2 e 50, 87,5 e 86,4 e 87,5 e 95,2% dos pacientes com AIJ e LES, respectivamente. Não houve relação significante entre consumo, atividade da doença e estado nutricional. CONCLUSÃO: Pacientes com doenças reumáticas apresentam inadequação do consumo alimentar. Ressaltamos a ingestão excessiva de lipídios e proteínas e a ingestão insuficiente de micronutrientes.OBJECTIVES: To evaluate the dietary intake of children and adolescents with juvenile idiopathic arthritis (JIA and juvenile systemic lupus erythematosus (JSLE using a 24-hour diet recall and relating it to the patients clinical and anthropometric characteristics and to the drugs used in their treatment. METHODS: By means of a cross-sectional study, we assessed the 24-hour

  9. Acolhimento e Vínculo em um Serviço de Assistência a Portadores de Transtornos Alimentares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiane Mitleton Borges Ramos

    2013-04-01

    Full Text Available Acolhimento e vínculo são dispositivos técnicos e políticos que visam a garantir uma assistência qualificada em saúde. Este estudo teve por objetivo avaliar o acolhimento e o vínculo entre profissionais e usuários de um serviço de assistência multidisciplinar para pessoas diagnosticadas com transtornos alimentares. Foram entrevistados 16 usuários e sete profissionais. Foi utilizada avaliação qualitativa de quarta geração. Os resultados foram agrupados em três unidades temáticas: postura, técnica e acesso. A análise dos dados, a partir das dimensões mencionadas, evidenciou alguns elementos necessários para que o acolhimento e o vínculo no serviço se estabelecessem: integralidade no serviço, intersetorialidade, interdisciplinaridade, formação profissional e humanização da assistência. Concluiu-se que, na perspectiva de usuários e profissionais, o serviço busca oferecer um atendimento usuário-centrado por meio de procedimentos que priorizam a dimensão humana do sujeito atendido, com considerável efetividade em suas ações, apesar de algumas limitações e deficiências.

  10. Consumo de nutrientes em adultos e idosos em estudo de base populacional: Projeto Bambuí Nutrient consumption by adults and seniors in a population-based study: the Bambuí Project

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Cristine Souza Lopes

    2005-08-01

    Full Text Available Inquérito alimentar populacional em amostra aleatória de 550 indivíduos > ou = 18 anos, realizado em Bambuí, Minas Gerais, Brasil, utilizando o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar e recordatório 24 horas calibrados pela técnica de regressão linear. A análise constou de comparação de médias, teste de qui-quadrado e razão de adequação do nutriente (RAN-adequada: 90,0-110,0%. Foi baixo o percentual da população que apresentou RAN de acordo com o recomendado para consumo de carboidratos (2,4%, proteínas (17,6%, vitaminas (0,0-5,1% e minerais (0-21,1%. Diferenças de acordo com sexo e idade foram encontradas: 90,2% e 91,8% de mulheres apresentaram baixo consumo de ferro e vitamina B6, respectivamente. Ao contrário, 87,7% dos homens relataram consumo excessivo de ferro, 80,3% de fósforo e 11,9% de colesterol. Quanto à idade, 64,3% de idosos (> 60 anos relataram baixa ingestão protéica e 39,3% apresentavam inadequação das frações lipídicas; sendo que 35,7% informaram consumo excessivo de ácidos graxos saturados. Dos adultos (18-59 anos, 67,8% relataram excessivo consumo protéico e 53,4% ingestão insuficiente de ferro. Alto e inadequado consumo de lipídios e baixa ingestão de fibras, vitaminas e minerais, constituem problema importante de saúde pública por possivelmente contribuir para o aumento das doenças crônicas não transmissíveis.A nutritional survey was performed in a random sample of 550 individuals ( > or = 18 years in Bambuí, Minas Gerais State, Brazil, using the Semi-Quantitative Food Frequency Questionnaire calibrated with 24-hour recall. Comparisons used means, proportions, and the nutrient adequacy ratio (NAR: 90.0-110.0%. Adequate intake was reported in only 2.4% of the individuals for carbohydrate, 17.6% for protein, 0.0 to 5.1% for vitamins, and 0.0 to 21.1% for minerals. NAR was influenced by gender and age: 90.2% and 91.8% of women presented low iron and B6 vitamin intake

  11. Níveis de concentrado na dieta de novilhos f1 Limousin x Nelore: consumo, conversão alimentar e ganho de peso Concentrate levels in the diet for crossbreed Limousin x Nellore bulls: intake, feed: gain ratio and weight gain

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Gesualdi Júnior

    2000-10-01

    Full Text Available Utilizaram-se 45 bovinos F1 Limousin x Nelore, inteiros, com, em média, 14 meses de idade e peso vivo inicial de 330 kg, para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado na matéria seca (25,0; 37,5; 50,0; 62,5; e 75,0% e dois métodos de balanceamentos de rações (o primeiro, tendendo a ser isoprotéico e o segundo, variando proteína com energia sobre os consumos de matéria seca (CMS e fibra em detergente neutro (FDN, conversão alimentar (CA, ganhos diários de peso vivo (GMDPV, corpo vazio (GMDPVZ e carcaça (GCAR. Cinco animais foram abatidos no início do experimento, como referência, para estimar o peso corporal vazio inicial dos animais que permaneceram no confinamento. Os animais receberam alimentação à vontade até atingirem o peso de abate preestabelecido de 500 kg. Foi utilizado o feno de capim-coastcross como fonte de volumoso na dieta. O delineamento foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, com quatro repetições. As formas de balanceamento resultaram em igual desempenho dos animais. Os consumos de MS responderam de maneira quadrática, estimando-se os máximos de 8,04 kg MS, 1,99% PV e 89,22 g MS/kg0,75 para os níveis de 41,42; 36,71; e 37,96% de concentrado, respectivamente. Conversão alimentar, consumo de FDN e dias de confinamento decresceram e o GMDPVZ cresceu linearmente, com o aumento dos níveis de concentrado na ração. Os GMDPV e GCAR apresentaram resposta quadrática, com máximos de 1,16 e 0,81 kg para 61,11 e 64,47% de concentrado, respectivamente.Forty five crossbreed F1 Limousin x Nellore young bulls, averaging 14 months of age and initial 330 kg LW, were used to evaluate the effects of different concentrate levels (25.0, 37.5, 50.0, 62.5 and 75.0% as DM basis and two diet balance methods (one, almost isoprotein and the second, changing protein as energy of the diet change on the intakes of dry matter (DMI and neutral detergent fiber (NDFI, feed: gain ratio (FG, daily gains of

  12. Fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verduras em adultos da cidade de São Paulo Factores asociados al consumo de frutas, legumbres y verduras en adultos de la ciudad de São Paulo (Sureste de Brasil Factors associated with fruit and vegetable intake among adults of the city of São Paulo, Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Iramaia Campos Ribeiro Figueiredo

    2008-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras por adultos e analisar os fatores associados ao seu consumo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado entre outubro e dezembro de 2003 no município de São Paulo (SP. Foram realizadas entrevistas telefônicas em amostra probabilística da população adulta (>18 anos residente em domicílios servidos por linhas fixas de telefone, totalizando 1.267 mulheres e 855 homens. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras foi medida por meio de um roteiro com perguntas curtas e simples. Na avaliação dos fatores associados ao consumo, realizou-se análise de regressão linear multivariada e hierarquizada, com variáveis sociodemográficas no primeiro nível hierárquico, comportamentais no segundo e relacionadas ao padrão alimentar no terceiro nível. RESULTADOS: A freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras foi maior entre as mulheres. Para ambos os sexos, verificou-se que a freqüência desse consumo aumentava de acordo com a idade e a escolaridade do indivíduo. Entre mulheres que relataram ter realizado dieta no ano anterior houve maior consumo de frutas, legumes e verduras. O consumo de alimentos que indicam um padrão de consumo não saudável como açúcares e gorduras se mostrou inversamente associado ao consumo de frutas, legumes e verduras em ambos os sexos. CONCLUSÕES: O consumo de frutas, legumes e verduras da população adulta residente em São Paulo foi maior entre as mulheres, sendo influenciado pela idade, escolaridade e dieta.OBJETIVO: Describir la frecuencia de consumo de frutas, legumbres y verduras por adultos y analisar los factores asociados a su consumo. MÉTODOS: Se realizó estudio transversal entre octubre y diciembre de 2003 en el municipio de Sao Paulo (Sureste de Brasil. Se realizaron encuestas telefónicas en muestras probabilísticas de la población adulta (³18 años residente en domicilios con servicio de líneas fijas de

  13. Dieta e câncer gástrico: aspectos históricos associados ao padrão de consumo alimentar no estado do Pará Diet and gastric cancer: historical aspects associated with dietary patterns in the state of Pará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia da Silva Resende

    2006-08-01

    Full Text Available O câncer gástrico ainda constitui importante problema de saúde pública no estado do Pará, onde as taxas de mortalidade apresentam valores acima da média brasileira. As bases históricas de ocupação de espaço na Amazônia, bem como as relações econômico-sociais estabelecidas ao longo desse processo, marcaram o padrão alimentar desse Estado. Este trabalho tem por objetivo reconstruir as principais características do padrão alimentar dessa população no século passado. Procurou-se identificar todas as publicações científicas disponíveis que relacionavam dados sobre os hábitos alimentares dos residentes do Pará no século XX. A partir dessas publicações, foi possível caracterizar o padrão alimentar da população paraense no século XX, que incluía um elevado consumo de sal, utilizado na conservação de carnes e frutos do mar, um consumo relativamente reduzido e irregular de legumes e verduras e uma importante ingestão de glicídios, a partir da farinha de mandioca, muitas vezes adicionada de corantes artificiais. O padrão de dieta retratado, provavelmente comum a outras regiões da Amazônia, pode ser caracterizado, com base na literatura científica, como potencialmente favorecedor de certas condições associadas à carcinogênese gástrica. Nesse sentido, ele poderia ter contribuído, em parte, para a alta mortalidade por essa neoplasia registrada na região Norte.Gastric cancer still constitutes an important public health problem in the state of Pará, Brazil, where mortality rates are above the Brazilian average rates. The historical basis of occupation of the Amazon region, as well as the social-economic relations established during this process, have marked the dietary patterns of this state. The aim of this work is to reconstruct some of the main characteristics of the dietary pattern of the population of Pará in the last century. We sought to identify all the scientific papers that contained data on the

  14. Desenvolvimento de um questionário de freqüência alimentar e caracterização do padrão de consumo dos trabalhadores de baixo nível sócio-econômico da cidade de Goiânia, Estado de Goiás, Brasil Development of a food frequency questionnaire (FFQ and characterization of the food pattern consumption for low - income workers in the city of Goiânia, Goiás State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Luiza Ferreira Stringhini

    2005-03-01

    Full Text Available Um questionário de freqüência de consumo alimentar (QFA foi planejado para avaliar a freqüência média de consumo de alguns alimentos e caracterizar o padrão alimentar entre os trabalhadores. Uma lista de alimentos consumidos e as porções servidas, usualmente, foram obtidas através de prévias entrevistas locais, usando-se o recordatório de 24 horas e o questionário de freqüência. Uma lista foi elaborada com 127 alimentos e a composição nutricional foi calculada utilizando-se o programa DietPro versão 3.0. O QFA foi aplicado, por duas vezes, em cada indivíduo num período de seis meses. Para caracterizar o padrão de consumo alimentar, os alimentos mais freqüentemente mencionados foram identificados. Foram estudados 104 trabalhadores selecionados ao acaso. Os itens consumidos, no mínimo uma vez ao dia, por 50% dos trabalhadores foram o pão branco, margarina, café preto, açúcar branco, feijão roxinho e arroz branco. A variedade dos alimentos diariamente consumidos foi pequena. Os 30 principais alimentos básicos diários variaram de menos que 1,5 a 92%. Este questionário é um instrumento de fácil aplicação para estudar o consumo alimentar de população semelhante ao do presente trabalhoA food-frequency questionnaire (FFQ was designed to assess the average consumption frequency of food items and to characterize the food pattern among workers. A list of consumed food and usual serving sizes was compiled from previous local survey, using single 24 hours dietary recalls and frequency questionnaires. The list was composed of 127 items and the nutrient composition was calculated by the computer program DietPro version 3.0. The FFQ was administered to each subject twice in a period of six months. To characterize food pattern consumption, the most frequently mentioned foods were identified. One hundred and four (104 workers were studied, randomly selected. Items consumed at least once a day by 50% of the workers were: white

  15. ESCOLHAS ALIMENTARES E ESTADO NUTRICIONAL DE ADOLESCENTES EM ESCOLAS DE ENSINO FUNDAMENTAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. S. ZANCUL

    2008-11-01

    Full Text Available

    Os objetivos deste estudo foram identificar e analisar comparativamente preferências alimentares de alunos dentro das escolas de ensino fundamental no município de Ribeirão Preto (SP, avaliar o estado nutricional dos estudantes, segundo indicadores antropométricos, e discutir o espaço da escola como alternativa para a educação alimentar. Foram analisados, neste estudo, 401 adolescentes cursando de 5ª a 8ª séries de escolas das redes pública e privada. Os dados foram coletados por meio de um questionário adaptado previamente testado. Os estudantes foram também pesados e medidos e o programa Epi Info 2000 foi usado para a organização dos dados. Os resultados demonstram que 70% dos adolescentes compram alimentos na cantina da escola. Dentre os alimentos citados estão: salgados (61,4%, refrigerantes (22,3%, e balas (52,7%. A disciplina Ciências é a mais citada pelos alunos como aquela na qual os conteúdos sobre alimentação foram trabalhados. A classifi cação do estado nutricional dos estudantes, feita pelos percentis de acordo com o IMC para idade e sexo, verifi cou que 12,6% apresentam sobrepeso e 8,5% apresentam obesidade. A escola pode exercer um papel fundamental na promoção da educação nutricional, com objetivo de desenvolver atitudes e hábitos saudáveis. calories and no sugar versions.

  16. Neoplasias do trato alimentar superior de bovinos associadas ao consumo espontâneo de samambaia (Pteridium aquilinum Neoplasms of the upper digestive tract of cattle associated with spontaneous ingestion of bracken fern (Pteridium aquilinum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marione A. Moreira Souto

    2006-06-01

    Full Text Available Foram estudados 30 bovinos com neoplasias no trato alimentar superior (TAS associadas ao consumo espontâneo de samambaia (Pteridium aquilinum provenientes de 27 propriedades rurais, sendo 23 no município de Jaguari e quatro em Nova Esperança do Sul, Rio Grande do Sul. A população bovina total das 27 propriedades em que ocorreram os casos era de 1.090 bovinos e havia quantidade abundante de samambaia nas áreas de pastoreio dos animais. Vinte e seis bovinos eram vacas e 4 eram machos castrados. A idade variou de 3 a 13 anos, sendo o maior número de casos entre 7 e 8 anos (46,6%. Os sinais clínicos observados incluíram emagrecimento progressivo, atonia ruminal, tosse, disfagia, regurgitação, halitose, diarréia e timpanismo. Outros sinais clínicos menos freqüentes foram apetite seletivo, dispnéia e salivação. Dois bovinos tiveram morte espontânea e 28 foram submetidos à eutanásia em estágios avançados da doença e necropsiados. Os principais achados macroscópicos e histológicos observados nos 30 bovinos localizavam-se nos mesmos locais do TAS e consistiram de papilomas, papilomas em transformação para carcinomas de células escamosas (CCEs e CCEs. Metástases de CCEs para linfonodos regionais e outros órgãos (como fígado e pulmões foram também observadas (18/30. Vinte e nove bovinos tinham papilomas de diversos tamanhos, sendo a quantidade variável entre leve (45%, moderada (38% e acentuada (17%. Nos papilomas examinados microscopicamente, foram observadas três fases de desenvolvimento: a fase de inicial de crescimento, b fase de desenvolvimento, e c fase de regressão. Em 16 bovinos, observou-se a transformação maligna de papilomas em CCEs. Os CCEs eram únicos (12/30 ou múltiplos (18/30 e variaram quanto ao grau de diferenciação celular entre bem, moderadamente ou pouco diferenciados. Quando a distribuição dos CCEs de maior extensão foi agrupada em regiões cranial (base da língua, faringe

  17. Self-attribution of responsibility: consumers of organic foods in a certified street market in Rio de Janeiro, Brazil Auto-atribuição de responsabilidade: consumo de alimentos orgânicos em uma feira certificada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Portilho

    2010-10-01

    Full Text Available This study aims to contribute to the analyses of consumption, and food consumption in particular, as a political act, by emphasizing the process of self-attribution of responsibility by consumers involved in organic food consumption at an organic certified street market in Rio de Janeiro, Brazil. Conducted from the perspective of sociological and anthropological consumption theories, in addition to risk sociology and the theory of reflexive modernization, this study concluded that these consumers act and participate socially through “responsible consumption” instead of the collective forms of political participation through institutionalized social movements. Even though there is a diversity of values and practices, these consumers seem to have in common (1 a mistrust in other social agents and (2 the trust in the importance and effectiveness of their actions.Este trabalho busca contribuir para as análises do consumo, em particular o consumo alimentar, como um ato político. Para tanto, enfatiza o processo de auto-atribuição de responsabilidades por parte de consumidores engajados em práticas de consumo de alimentos orgânicos em uma feira certificada da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. A conclusão da pesquisa, discutida à luz de algumas teorias sociológicas e antropológicas do consumo, além da sociologia do risco e da teoria da modernização reflexiva, mostra que tais consumidores parecem agir e participar da esfera pública mais através do “consumo responsável” do que através das formas coletivistas de participação política via movimentos sociais institucionalizados. Apesar de existir uma diversidade de valores e práticas, estes consumidores parecem ter em comum (1 a descrença em outros agentes sociais e (2 a crença na importância e eficácia de suas ações.

  18. O comportamento alimentar de escolares do ensino básico e sua associação com excesso de peso e consumo da alimentação escolar

    OpenAIRE

    Juliana Melo Teruel Biagi Camargo

    2015-01-01

    Resumo: A mudança no padrão de consumo de alimentos e o sedentarismo têm levado ao aumento do excesso de peso da população em todo mundo. Nos países em desenvolvimento, a prevalência do excesso de peso tem aumentado rapidamente, principalmente entre as crianças. No Brasil, as analises das Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) tem evidenciado a tendência do aumento do excesso de peso na infância e da diminuição da desnutrição. A obesidade é acompanhada de comorbidades consideradas problemas...

  19. Consumption and knowledge on source of lipid foods by health technical school teachers Consumo e conhecimento sobre alimentos fontes de lipídeos por professores de escola técnica em saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Teresinha De Negri

    2009-08-01

    Full Text Available Objective: To investigate the consumption habit and the knowledge on source of lipid foods among teachers from a State Technical Health School in Porto Alegre, RS. Material and Methods: Transversal study, carried out with teachers of both genders through a questionnaire of food consumption frequency containing nine food groups, predominantly a source of lipids, and another questionnaire aiming at the recognition of edible fat and their effects in human health. Descriptive statistical analysis was conducted using the Excel software. Results: 39 teachers participated in the research, of which 28 were women, with an age average of 43±11 years old. Daily olive oil consumption was quoted by 38% of participants and skimmed milk by 41%. Margarine is habitual for approximately 25% of them and more than half of the group denied the use of mayonnaise or butter. They refer frequent consumption, from 1 to 3 times a week, of pizza (54%, red meat with no apparent fat (49% and poultry with no skin (70%. Lunch meat, fried food and deep fried food were eventually consumed by the majority, including oily food. Conclusion: The teachers demonstrated adequate knowledge about the importance of selecting foods which are sources of lipid and their effects in the organism. They also exerted good choice of these foods in their day-to-day life. Additional information in Nutrition could contribute even more to this healthy practice and to the diffusion of these knowledge.Objetivo: Investigar o hábito de consumo e conhecimentos sobre alimentos fontes de lipídios, entre os professores de uma Escola Técnica em Saúde da Rede Estadual de Ensino em Porto Alegre, RS. Materiais e Métodos: Estudo transversal, realizado com professores de ambos os sexos, através de um questionário de frequência de consumo alimentar contendo nove grupos alimentares, predominantemente fontes de lipídeos e, outro questionário, visando o reconhecimento sobre gorduras alimentares e os efeitos

  20. Consumo e custo de recursos materiais em unidades pediátricas de terapia intensiva e semi-intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lenotti Zuliani

    2012-12-01

    Full Text Available O gerenciamento de custos de materiais de consumo hospitalar é um tema atual em pesquisa, principalmente em unidades de saúde especializadas. Os enfermeiros são destacados como os principais gestores do consumo e custo de materiais hospitalares. Neste estudo, objetivou-se caracterizar unidades pediátricas semi-intensivas e intensivas de um hospital de ensino e verificar o consumo e os custos de materiais utilizados na assistência a pacientes internados nessas unidades. Estudo descritivo, exploratório, retrospectivo, com abordagem quantitativa; os dados foram obtidos do Sistema de Informação Hospitalar; analisados com base na classificação ABC. O gasto médio foi semelhante entre as UTIs cardiológica e neonatal e menor nas UTI e semi-intensiva pediátricas; houve variação significativa de consumo mensal de materiais; os materiais de maior custo tiveram mais impacto no orçamento das unidades estudadas. Os dados obtidos revelaram a importância do uso de método sistêmico de análise de consumo e gastos de materiais em unidades pediátricas e subsidiam ações administrativas de economia.

  1. Association between food consumption in the first months of life and socioeconomic status: a longitudinal study Associação entre consumo alimentar nos primeiros meses de vida e condições socioeconômicas: um estudo longitudinal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edson Theodoro dos Santos Neto

    2009-10-01

    Full Text Available OBJECTIVE: This paper aims to describe the quality of the feeding practices of infants from the moment liquids and semi-solid foods are introduced into their diets and to determine associations between feeding practices and socioeconomic status. METHODS: The initial population consisted of 86 infants aged 0 to 3 months; they were selected from 3 Public Primary Healthcare Units of the city of Vitória. Seven visits were made to the children's homes to collect descriptive data on the mother, house, eating habits and sucking habits. Chi-square tests were applied and logistic regression analysis was performed to measure the associations. RESULTS: Approximately 50% of the children were given bottles before age 3 months, while semi-solid foods were given to 75% of the infants aged 6 months or less. Logistic regression models showed that the lack of paternal contribution to the family's income is a risk factor for the consumption of beans (OR =3.9; CI - 95% =1.2-12.6. Family income equal to or above two minimum wages was likely to promote fruit consumption (OR =0.4: CI - 95%=0.14-1.15. CONCLUSION: Food variety percentages revealed that most children under two years of age were not being fed properly. The mother's education level and contribution of the father to family income seem to influence the consumption of certain foods, such as fruits and beans. However, they do not fully explain the feeding practices found in the first months of life, showing that other more complex issues may be involved.OBJETIVO: Objetivou-se descrever a qualidade do consumo alimentar de crianças a partir da inclusão da alimentação complementar líquida e semi-sólida, nos primeiros meses de vida, além de determinar as associações entre as práticas alimentares e as condições socioeconômicas. MÉTODOS: O grupo inicial constituiu-se por 86 bebês com idades de 0 a 3 meses, selecionados em áreas de abrangência de três Unidades Básicas de Saúde do Município de

  2. Aversão alimentar adquirida e qualidade de vida em mulheres com neoplasia mamária Acquired food aversion and quality of life in women with beast cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Maria Moreira Lima Verde

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o comportamento alimentar de mulheres com câncer de mama submetidas à quimioterapia, e sua relação com a qualidade de vida destas pacientes. MÉTODOS: A partir de um ensaio clínico do tipo antes e depois, selecionou-se 25 mulheres do Hospital AC Camargo (São Paulo, Brasil durante o período de outubro de 2005 a abril de 2006. As pacientes inclusas no estudo apresentavam diagnóstico de câncer de mama, com estadiamento I e II e indicação de tratamento quimioterápico adjuvante. Nos momentos T0 (antes e T1 (após o tratamento quimioterápico, o comportamento alimentar (consumo e aversão alimentar foi avaliado por três recordatórios 24 horas e um questionário Food Action, respectivamente. A qualidade de vida foi monitorada por meio do questionário Functional Assessment of Cancer Therapy-Breast. RESULTADOS: Após o tratamento quimioterápico (T1, o consumo de macro e micronutrientes não apresentou alterações significantes, mas o consumo de frutas e sucos aumentou (p=0,03. Perfil inverso foi observado em relação à preferência por café preto (p=0,01 e pelo grupo de bebidas (pOBJECTIVE: The objective of this paper was to assess the eating behavior of women with breast cancer subjected to chemotherapy and its relation with the quality of life of these patients. METHODS: A total of 25 women receiving care at the Hospital AC Camargo (SP, Brazil from October 2005 to April 2006 were selected based on a clinical assay of the before and after type. The patients included in the study were diagnosed with breast cancer, stages I and II and had indication of adjuvant chemotherapy. At the times T0 (before and T1 (after chemotherapy, the eating behavior (food intake and aversion was assessed by three 24-hour recalls and the Food Action questionnaire, respectively. Quality of life was monitored through the use of the Functional Assessment of Cancer Therapy - Breast questionnaire. RESULTS: After chemotherapy (T1, the intake of

  3. Consumo de macronutrientes e ingestão inadequada de micronutrientes em adultos Consumo de macronutrientes e ingestión inadecuada de micronutrientes en adultos Macronutrient consumption and inadequate micronutrient intake in adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosangela Alves Pereira

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o consumo de energia e nutrientes e a prevalência de ingestão inadequada de micronutrientes entre adultos brasileiros. MÉTODOS: Foram analisados dados do Inquérito Nacional de Alimentação da Pesquisa de Orçamento Familiar 2008-2009. O consumo alimentar foi avaliado por dois dias de registro alimentar não consecutivos. Um total de 21.003 indivíduos (52,5% mulheres entre 20 e 59 anos de idade participou do estudo. A ingestão usual de nutrientes foi estimada pelo método proposto pelo National Cancer Institute. As prevalências de ingestão inadequada de micronutrientes foram obtidas pelo método da necessidade média estimada (EAR como ponto de corte. Para manganês e potássio, a Ingestão Adequada (AI foi usada como ponto de corte. A ingestão de sódio foi comparada com o nível de ingestão máximo tolerável (UL. A prevalência de inadequação da ingestão de ferro foi determinada por abordagem probabilística. Os dados foram analisados de acordo com a localização do domicílio (área urbana ou rural e as macrorregiões do país. RESULTADOS: A média do consumo energético foi de 2.083 kcal entre os homens e 1.698 kcal entre as mulheres. Prevalências de inadequação maiores ou iguais a 70% foram observadas para cálcio entre os homens e magnésio, vitamina A, sódio em ambos os sexos. Prevalências maiores ou iguais a 90% foram encontradas para cálcio entre as mulheres e vitaminas D e E em ambos os sexos. Prevalências menores que 5% foram encontradas para ferro entre os homens e niacina para homens e mulheres. No geral, a prevalência de ingestão inadequada foi mais acentuada na área rural e na região Nordeste. CONCLUSÕES: O consumo de energia é maior entre indivíduos residentes em áreas urbanas e da região Norte. Os grupos com maior risco de ingestão inadequada de micronutrientes são as mulheres e os que residem na área rural e na região Nordeste.OBJETIVO: Estimar el consumo de energía y

  4. Associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos Association between overweight and intake of beans among adults

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Araújo Silva

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar associação entre excesso de peso e consumo de feijão em adultos. MÉTODOS: O estudo constou de indivíduos adultos (>18 anos, moradores em Belém (PA, em 2005. A amostragem foi realizada por sorteio de residências com telefone fixo e de um morador adulto de cada casa sorteada. A variável desfecho foi excesso de peso, a variável explanatória consumo de feijão e as variáveis de controle foram idade, escolaridade e situação conjugal, além de atividade física no lazer e hábitos alimentares de risco. A análise dos dados foi feita pelo teste do qui-quadrado e por regressão logística. RESULTADOS: Foram avaliados 2 352 indivíduos (39,8% do sexo masculino. O excesso de peso atingiu mais os homens, 49,3%, do que as mulheres, 34,0% (pOBJECTIVE: The objective of this study was to assess the association between overweight and intake of beans in adults. METHODS: The study population was 2,352 adults (>18 years of age living in Belém (PA, Brazil, in 2005. Sampling was done by randomly selecting households with a telephone landline and then selecting an adult in the household. The dependent variable was overweight, the explanatory variable was intake of beans and the confounding variables were age, education level, marital status, leisure-time physical activity and risky food habits. The data were analyzed by the chi-square test and logistic regression. RESULTS: A total of 2,352 individuals were assessed where 39.8% were males. The prevalence of overweight was higher in men (49.3% than in women (34.0%, p<0.001. Overweight was directly associated with age in both genders and with education level in men. In women, overweight was inversely associated with education level. The food behavior variable that best associated with overweight was intake of beans. After adjustment for the other variables, the risk of overweight was approximately 1.4 times greater in men who ate beans less than five times per week, but the inverse was

  5. Índice e histologia gonadal em reprodutores de frangos de corte da linhagem Avian Farm submetidos à restrição alimentar

    OpenAIRE

    Drummond,Cristina Delarete; Murgas,Luis David Solis; Bertechini,Antonio Gilberto; Rodenas,Carolina Elizabeth O.; Maciel,Mônica Patrícia; Alvarenga,Ana Luisa N.; Sousa,Sara Zardini de

    2004-01-01

    Nos reprodutores de frangos de corte, a restrição alimentar precoce é usada para limitar o ganho de peso corporal e otimizar o desempenho reprodutivo. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de avaliar o efeito da utilização da restrição alimentar no período de 14 a 121 dias de idade das aves sobre o índice gonadal e histologia testicular em galos reprodutores de corte. Foram avaliados os seguintes tratamentos: controle; 6 dias de alimentação e 1 não (6:1); e 5 dias de alimentação e 2 não (5...

  6. Ecologia alimentar e conectividade genética de Chaetodon Striatus em um gradiente geográfico

    OpenAIRE

    Liedke, Ana Maria Rubini

    2013-01-01

    Resumo: Conhecer a ecologia alimentar de uma espécie é um aspecto importante para compreender sua biologia. A relação entre disponibilidade, qualidade do alimento e estado fisiológico reflete na distribuição e abundância de uma dada espécie, e terá influência direta no comportamento alimentar e tipo de presas. A relação entre plasticidade alimentar e fluxo gênico pode levar as populações das extremidades da distribuição a se diferenciarem e possivelmente se adaptarem aos recursos disponíveis....

  7. Educação alimentar e nutricional associada a oficinas culinárias com alunos em uma escola pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fátima Rezende

    2015-12-01

    Atividades em Educação Alimentar e Nutricional (EAN visam práticas alimentares saudáveis. Objetivo: desenvolver ações extensionistas em EAN a escolares. Método: trata-se de pesquisa participante em cinco encontros, pela abordagem de alimentos-tema, princípios de nutrição e de medidas higiênicas. Realizaram-se oficinas culinárias e diálogos sobre os conhecimentos adquiridos. As falas foram analisadas em categorias. Resultados: os escolares demonstraram interesse pela culinária, auxiliaram nas preparações e na higiene da cozinha. Sobre as aversões a alimentos, houve superação ao degustarem os pratos elaborados. Os conhecimentos sobre alimentação e nutrição foram valorizados. Conclui-se que o grupo se constituiu agregador e facilitador nas atividades em EAN associadas a oficinas culinárias, contribuindo à formação dos escolares.

  8. Consumo de alcohol y autoestima en adolescentes Consumo de álcool e autoestima em adolescentes Alcohol consumption and self esteem in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alicia Álvarez Aguirre

    2010-06-01

    Full Text Available La presente investigación tuvo como objetivo analizar la relación entre el nivel de autoestima y el consumo de alcohol en los adolescentes, a través de la realización de un estudio descriptivo transversal, en una facultad de enfermería en la ciudad de Querétaro, en México, en el mes de julio de 2008, en una muestra de 109 adolescentes, entre 17 y 20 años. Para la obtención de los datos fueron aplicados dos instrumentos: AUDIT y Cuestionario de autoestima de Rosemberg. La mayoría de los adolescentes participantes tuvieron la autoestima elevada (94.5%, ninguno presentó autoestima baja. El 80.7% de los adolescentes del estudio no tiene riesgo de consumo de alcohol. Se concluye que la mayoría de los adolescentes presentaron una elevada autoestima y tuvieron riesgo bajo de consumo de alcohol. Por lo que se sugiere implementar programas preventivos con respecto al consumo de alcohol y factores protectores a fin de que los adolescentes continúen con un estilo de vida saludable.O presente estudo teve como objetivo analisar a relação entre o nível de autoestima e o consumo de álcool em adolescentes, através da realização de estudo descritivo transversal, em uma faculdade de enfermagem de Queretaro, México, no mês de julho de 2008, com amostra de 109 adolescentes, entre 17 e 20 anos. Para obtenção dos dados, foram aplicados dois instrumentos, o AUDIT e o questionário de autoestima de Rosemberg. A maioría dos adolescentes participantes tinha autoestima elevada (94,5%, nenhum apresentou baixa autoestima. Nesta amostra, 80,7% dos adolescentes não possui risco para consumo de álcool. Conclui-se que os adolescentes apresentaram elevada autoestima e baixo risco para o consumo de álcool. Portanto, é necessário implementar programas preventivos relacionados ao consumo de álcool e identificar os fatores protetores para garantir a manutenção de hábitos saudáveis pelos adolescentes.The aim of this study was to analyze the

  9. INSEGURANÇA ALIMENTAR NA CIDADE DE MAPUTO EM 2008 E 2014

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ezequiel Alfeu Abrahamo

    2016-08-01

    Este estudio se basa en la comparación de los resultados del estudio realizado por AFSUN en 2008 con los niveles de inseguridad alimentar en la ciudad de Maputo en los años 2008 y 2014. La investigación se volvió hacia el método cuantitativo recomendado por Fonseca (2002, p. 37 y Denise y Gerhardt (2009, p. 37-39, utilizando un cuestionario como instrumento de recolección de datos. Se realizó una encuesta para recoger datos sobre 473 Hogares seleccionados en la muestra. Fueron seleccionados Hogares de los Distritos Municipales (DM de KaMpfumo, KaMaxaqueni, KaLhamanculo, KaMubukwane y KaMavota. Para garantizar la comparabilidad de los resultados en cada una de DM, fue seleccionada la misma proporción de los Hogares en comparación con la encuesta de la muestra hecho por AFSUN en 2008. En el análisis e interpretación de datos, hemos utilizado los siguientes indicadores, que fueron tomadas como variables analítica y, en particular indicador HFIAS, que le permite medir y evaluar el grado de inseguridad alimentaria durante el mes anterior a la encuesta y el indicador HFIAP. Los resultados procesados mediante el programa SPSS, mostraron que el nivel de los valores tabulados de los puntos (puntajes del indicador HFIAS es, en promedio, 3,9% y también muestran una "caída" de los valores, en comparación con el valor regis-trado en el estudio en 2008. Por otra parte, se tomaron de forma individual, las respuestas dadas sobre la situación de la inseguridad alimentaria en los cuatro meses anteriores a la encuesta para la que una comparación entre los resultados de los estudios realizados en 2008 y en 2014 muestra una tendencia de mejora de los niveles de inseguridad alimentaria de los encuestados, señalando que sólo el 18,4% de los encuestados “se preocuparan por no tener suficiente comida en las últimas cuatro semanas", y sólo alrededor del 16,7% de ellos eran incapaces de comer el tipo de alimento preferido por la falta de recursos financieros para

  10. Metodologias de identificação de padrões alimentares a posteriori em crianças brasileiras: revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Abreu de Carvalho

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo é fornecer orientações para identificação de padrões alimentares por abordagem a posteriori, bem como analisar os aspectos metodológicos dos estudos realizados no Brasil que os identificaram em crianças. Os artigos foram selecionados nas bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Scientific pattern; Principal component analysis; Factor analysis; Cluster analysis; Reduced rank regression. Incluíram-se pesquisas que identificaram padrões alimentares de crianças por meio da abordagem a posteriori. Selecionou-se 7 estudos, sendo 6 transversais e 1 de coorte, publicados entre 2007 e 2014. Cinco usaram como inquérito o questionário de frequência alimentar, um o recordatório de 24h e outro uma lista de alimentos. O método de abordagem exploratória mais utilizado nas publicações foi a análise fatorial por componentes principais, seguida da análise de agrupamento. O tamanho amostral dos estudos variou de 232 a 4231, os valores do teste Kaiser-Meyer-Olkin de 0,524 a 0,873, e o alfa de Cronbach de 0,51 a 0,69. Poucos estudos brasileiros identificaram padrões alimentares de crianças utilizando abordagem a posteriori, e a análise fatorial por componentes principais foi a técnica mais usada.

  11. Validação do Questionário de Freqüência Alimentar para Adolescentes (QFAA por grupos de alimentos em uma população de escolares Validation of a Food Frequency Questionnaire by food groups for the adolescent population

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Maria Voci

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a validade do Questionário de Freqüência Alimentar para Adolescentes para avaliar o consumo de grupos de alimentos entre escolares de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Participaram do estudo 94 adolescentes, com idade entre 11 e 15 anos, matriculados em uma escola da rede pública. O consumo alimentar foi avaliado pelo Questionário de Freqüência Alimentar para Adolescentes (QFAA e a média de dois Recordatórios de 24 horas (R24h foi utilizada como método de referência. Os itens alimentares foram classificados em 18 grupos. Foram realizadas análises descritivas, teste t-Student pareado e de Wilcoxon, coeficientes de correlação de Pearson e de Spearman. Foram também utilizadas análise de quartis e estatística Kappa ponderado. Os coeficientes de correlação foram corrigidos pela variância intrapessoal dos R24h, estimada a partir de ANOVA com um fator de classificação. RESULTADOS: Não foram verificadas diferenças significativas entre os instrumentos para o arroz, massas, carnes, refrigerantes e sucos artificiais. Os coeficientes de correlação corrigidos pela variabilidade intrapessoal variaram de -0,26 a 0,78. A concordância de classificação dos indivíduos no mesmo quartil de consumo para ambos os métodos variou de 22% (massas a 50% (feijão. Para quartis opostos, os grupos que tiveram mais de 10% dos indivíduos classificados incorretamente foram massas (19%, carnes (13% e gorduras (11%. Os valores de Kappa ponderado variaram de - 0,15 (massas a 0,56 (feijão. O QFAA superestimou o consumo de quase a totalidade dos grupos alimentares e subestimou os grupos dos óleos, feijão, carnes e refrigerantes. CONCLUSÃO: O instrumento apresentou boa validade para feijão, verduras e legumes, leite e derivados, biscoitos recheados e para o arroz.OBJECTIVE: To verify the validity of the Food Frequency Questionnaire for Adolescents in order to evaluate food group consumption among adolescents from Piracicaba, S

  12. Indústria moderna e padrão alimentar: o espaço do trabalho, do consumo e da saúde Modern factory and dietary pattern: the space of work, consumption and health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Veloso Viana

    2009-12-01

    Full Text Available O presente trabalho tem por objetivo evidenciar a Política de Produção como uma estrutura relevante para a construção de uma complexa teia de processos que conformam o padrão alimentar de um segmento operário e seus problemas de saúde associados à alimentação. Fundamentado na técnica do estudo de caso, o trabalho desenvolve-se numa fábrica do Polo Petroquímico de Camaçari, privilegiando uma abordagem centrada na experiência vivida pelos trabalhadores. Nesse sentido, coloca-se sob a perspectiva das relações sociais, organizando-se em torno das dimensões geral, particular e singular, de modo a elucidar dinâmicas que, situadas em diferentes níveis, articulam-se aos processos de produção e reprodução do padrão alimentar e dos problemas de saúde. Para a coleta de dados, foram utilizados como instrumentos uma entrevista semiestruturada, um questionário autoaplicável, além de uma ficha para registro dos problemas de saúde associados à alimentação. Os resultados, problematizados à luz dos diferentes espaços explicativos, evidenciam os processos mais gerais do contexto fabril, passando pelos processos modeladores do padrão alimentar, até as formas de percepção e conduta em face desses problemas. Conclui com uma discussão sobre o conflito vivido pelo grupo em relação ao modelo de cuidado implementado pela fábrica, às estratégias de superação dos processos que reproduzem seu padrão alimentar e os problemas de saúde a ele associados.The objective of this paper is to show that the Production Policy is a relevant structure to build a complex net of processes which configure the dietary patterns of a working segment and its health problems associated with diet. Based on the case study technique, the work was developed at a factory in the Petrochemical Complex of Camaçari, focusing on an approach centered on the workers' experience. In this way, it is centered on the perspective of social relations, organized

  13. Carne de consumo e risco de transmissão de Toxoplasma gondii

    OpenAIRE

    Rosado, Joana de Carvalho Serra

    2009-01-01

    O consumo de carne de suíno (Sus domesticus) é considerado o maior factor de risco para a transmissão da toxoplasmose aos humanos. No entanto, apesar dos suínos serem muito usados na gastronomia portuguesa, tanto pelo consumo de carne, como pelo de enchidos, pouco se sabe sobre a prevalência e caracterização genética de Toxoplasma gondii nestes produtos alimentares, no país. Neste trabalho, pretendeu-se determinar a seroprevalência de anticorpos IgG anti-T. gondii em suínos de ...

  14. Padrão alimentar de mulheres com câncer de mama: um estudo a posteriori

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Sedó Sarkis

    2014-09-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar o padrão alimentar a posteriori de mulheres com câncer de mama. Métodos: Estudo observacional, transversal e analítico. Foram avaliadas 100 mulheres com câncer de mama submetidas à quimioterapia / radioterapia, atendidas em um centro de câncer na cidade de Fortaleza, de Julho-Dezembro de 2012. Os dados clínicos, socioeconômicos e antropométricos foram analisados. Para avaliação do consumo foi utilizado um QFA validado, e o consumo diário de cada alimento foi definido em gramas. Então eles foram agrupados de acordo com sua composição nutricional, seguindo a pirâmide alimentar adaptada à população brasileira, em 10 grupos de alimentos. Resultados: Idade média 50,9 anos, com prevalência de carcinoma ductal (83% em estágio III (60%. A média do IMC indica excesso de peso (28,3 kg/m2 e a circunferência da cintura estava acima do recomendado (98,6 cm. Nós identificamos quatro componentes alimentares e 21% da variância da dieta foi explicado pelo componente alimentar 1 (Risk, com a matriz composta por carne vermelha e processada, óleos e gorduras e cereais. Conclusão: O padrão alimentar das pacientes foi caracterizado por uma dieta de risco.

  15. Associação entre o consumo energético e proteico e a espessura do músculo adutor do polegar em pacientes em hemodiálise = Association between energy and protein intake and the adductor pollicis muscle thickness in hemodialysis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Machado, Alisson Diego

    2017-01-01

    Full Text Available Introdução: A desnutrição energético-proteica é frequente em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise e medidas alternativas para a avaliação do estado nutricional e do consumo alimentar podem ser empregadas na prática clínica. Objetivo: Avaliar a associação entre o consumo energético e proteico e a espessura do músculo adutor do polegar em pacientes em hemodiálise. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo transversal com 33 pacientes com doença renal crônica em hemodiálise. Foi aplicado um questionário para a identificação do perfil sociodemográfico dos pacientes. A ingestão de energia e de proteínas foi avaliada pela aplicação de dois recordatórios de 24 horas. A espessura do músculo adutor do polegar foi aferida com auxílio de um adipômetro. A associação entre as variáveis foi avaliada por meio de testes paramétricos, análise de correlação, regressão linear e curva ROC. Resultados: A média de idade da amostra em estudo correspondeu a 68,0 anos, sendo 54,5% do sexo masculino. Pacientes com idade inferior a 60 anos e do sexo masculino apresentaram uma maior espessura do músculo adutor do polegar (p=0,01. Não houve associação entre a espessura do músculo adutor do polegar e o consumo energético e proteico. A medida também não é capaz de indicar quais pacientes apresentam uma maior ingestão de energia e proteínas. Conclusão: Em pacientes com doença renal crônica em hemodiálise não houve associação entre o consumo energético e proteico e a espessura do músculo adutor do polegar e nem eficácia da medida em predizer uma maior ingestão de energia e proteínas

  16. Determinantes do consumo de frutas e hortaliças em adolescentes por regressão quantílica Determinantes del consumo de frutas y hortalizas en adolescentes por regresión cuantílica Determinants of fruit and vegetable intake in adolescents using quantile regression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberta Schein Bigio

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar o consumo de frutas, legumes e verduras (FLV de adolescentes e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 812 adolescentes de ambos os sexos de São Paulo, SP, em 2003. O consumo alimentar foi medido pelo recordatório alimentar de 24 horas. O consumo de FLV foi descrito em percentis e para investigar a associação entre a ingestão de FLV e variáveis explanatórias; foram utilizados modelos de regressão quantílica. RESULTADOS: Dos adolescentes entrevistados, 6,4% consumiram a recomendação mínima de 400 g/dia de FLV e 22% não consumiram nenhum tipo de FLV. Nos modelos de regressão quantílica, ajustados pelo consumo energético, faixa etária e sexo, a renda domiciliar per capita e a escolaridade do chefe de família associaram-se positivamente ao consumo de FLV, enquanto o hábito de fumar associou-se negativamente. Renda associou-se significativamente aos menores percentis de ingestão (p20 ao p55; tabagismo aos percentis intermediários (p45 ao p75 e escolaridade do chefe de família aos percentis finais de consumo de FLV (p70 ao p95. CONCLUSÕES: O consumo de FLV por adolescentes paulistanos mostrou-se abaixo das recomendações do Ministério da Saúde e é influenciado pela renda domiciliar per capita, pela escolaridade do chefe de família e pelo hábito de fumar.OBJETIVO: Analizar el consumo de frutas, legumbres y verduras (FLV de adolescentes e identificar factores asociados. MÉTODOS: Estudio transversal de base poblacional con muestra representativa de 812 adolescentes de ambos sexos de Sao Paulo, Sureste de Brasil, en 2003. El consumo alimentario fue medido por el recordatorio alimentario de 24 horas. El consumo de FLV fue descrito en percentiles y para investigar la asociación entre la ingestión de FLV y variables explicativas fueron utilizados modelos de regresión cuantílica. RESULTADOS: De los adolescentes entrevistados, 6

  17. Hábitos alimentares e sedentarismo em crianças e adolescentes com obesidade na admissão do programa de obesidade do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Daniela Cruz e Silva

    2017-01-01

    Full Text Available Objetivo: Descrever o perfil dos hábitos alimentares e de sedentarismo em crianças e adolescentes atendidos no Centro de Referência em Obesidade Infanto juvenil do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza, Belém-PA. Métodos: Estudo transversal e descritivo. Foram coletadas medidas antropométricas; aplicação do recordatório alimentar de 24h, e o Questionário Internacional de Atividade Física para quantificação do nível de atividade física e dos comportamentos sedentários. Para análise do hábito alimentar considerou-se a frequência do consumo, sendo adequado: frutas ≥3 porções, hortaliças ≥3 porções e doces ≤1 porção. Foram somados os tempos de atividade física e o tempo de tela, consideradas as recomendações da OMS. Resultados: Foram avaliados 21 pacientes, com média de idade de 7,3 anos entre as crianças e 13,8 anos entre os adolescentes. As crianças apresentaram média de peso de 45,54kg, IMC de 26,81kg/m2, e de escore-z de 4,55. Os adolescentes, peso de 71,44kg, IMC de 31,74kg/m2 e 2,58 de escore-z. Os 61,9% dos participantes tiveram baixo consumo de frutas, 95,3% baixo consumo de hortaliças e elevado consumo de doces por 71,4%. Os fisicamente inativos corresponderam a 76,2% e obteve-se alta prevalência de comportamento sedentário, com uma média de 6,42h/dia. Conclusão: Verificou-se hábito alimentar inadequado e alta prevalência de sedentarismo. ABSTRACT Eating habits and physical inactivity in children and adolescents with obesity in the admission of the university hospital of the obesity program bettina iron souza Objective: To describe the feeding habits and sedentary lifestyle in children and adolescents treated at the Reference Center for Obesity Children and Youth of the University Hospital Bettina Ferro de Souza, in Belém-PA. Methods: A descriptive cross-sectional study. A physical and nutritional assessment, where anthropometric measurements were collected was carried out, the food

  18. Preocupação e insatisfação com o corpo, checagem e evitação corporal em pessoas com transtornos alimentares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Nogueira Neves Betanho Campana

    2012-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar aspectos da imagem corporal em uma amostra de pessoas com anorexia nervosa, bulimia nervosa e transtorno alimentar não-especificado. A amostra foi composta por 14 voluntárias atendidas pelo Ambulatório de Transtornos Alimentares da Universidade Estadual de Campinas. O Software de Avaliação Perceptiva foi utilizado para avaliar a insatisfação com o corpo. A preocupação com o corpo, checagem e evitação corporal foram avaliadas pelo Body Shape Questionnaire, Body Checking Questionnaire e Body Image Avoidance Questionnaire, respectivamente. A análise descritiva e as correlações entre as medidas mostraram elevados níveis de insatisfação, checagem, evitação e preocupação com o corpo, com associações significantes. Estes achados evidenciaram a importância dos parâmetros investigados na dinâmica dos transtornos alimentares. Conhecer esses componentes da imagem corporal favorece a ampliação das possibilidades de melhor compreender como se organiza a representação mental do corpo dessas pacientes e planejar mais cuidadosamente as intervenções no decurso do tratamento.

  19. Grupo de reeducação alimentar: uma experiência holística em saúde na pespectiva familiar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mafra Brienza

    2002-12-01

    Full Text Available O estudo descreve uma experiência de desenvolvimento de um programa educativo familiar voltado para o tema Reeducação Alimentar. O mesmo se caracteriza por um processo que pode possibilitar à população avaliar a qualidade de vida. Justificam esta iniciativa o envelhecimento da população brasileira onde a obesidade desempenha um papel importante como fator de risco, bem como o despreparo do sistema de saúde e da sociedade. O presente trabalho é realizado em uma micro-área do município de Ribeirão Preto. Acontece na forma de grupos, com duração de 2 meses e participação média de 13 pessoas. Tem como clientela básica mulheres. Através da participação da clientela, são elaborados cardápios alimentares. São oferecidos grupos de manutenção que visam dar continuidade ao processo. Têm-se observado uma procura de aproximadamente 30 inscritos para cada grupo. Um Programa de Reeducação Alimentar contribui para o auto-cuidado e a auto-responsabilidade, apoiando estilos de vida mais saudáveis.

  20. Associação entre consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal em escolares da rede pública de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil Association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index among public school students in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda de Albuquerque Melo Nogueira

    2009-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a associação entre o consumo de refrigerantes, sucos e leite, com o índice de massa corporal (IMC em 1.423 estudantes, entre 9 e 16 anos, de escolas públicas de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. O consumo de bebidas foi avaliado por meio do recordatório alimentar de 24 horas e questionário de freqüência de consumo alimentar. Peso e estatura foram coletados para o cálculo do IMC. As análises de regressão linear foram estratificadas por sexo e ajustadas por atividade física, idade e efeito do conglomerado (classes. Verificou-se associação positiva entre freqüência de consumo de refrigerante e idade (p = 0,05 e negativa entre consumo de leite e idade (p = 0,004. Apenas para as meninas, o IMC associou-se positivamente com o consumo de sucos (β = 0,02; p = 0,03. Para as outras bebidas não foram encontradas associações entre IMC e freqüência usual de consumo. O consumo de refrigerantes e sucos representou cerca de 20% do total de energia média consumida diariamente. Os resultados indicam que esforços para reduzir a ingestão de energia por meio de bebidas devem enfatizar também os sucos.The association between consumption of soft drinks, fruit juice, and milk and body mass index (BMI was evaluated in 1,423 students 9 to 16 years of age from public schools in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Beverage intake was measured using 24-hour recall and a food frequency questionnaire. Weight and height were measured to calculate BMI. Regression analyses took into account the cluster (classes effect. Analyses were stratified by gender and adjusted for physical activity and age. The results showed a positive association between soft drink intake and age (p = 0.05 and a negative association between milk and age (p = 0.004. For girls only, there was a significant association between frequent fruit juice intake and BMI (β = 0.02; p = 0.03. For the other beverages, there were no significant associations between BMI and

  1. Consumo de alcohol en trabajadores de una industria en Monterrey, México Consumo de álcool em trabalhadores de uma indústria em Monterrey, México Alcohol consumption among industrial workers in Monterrey , Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresita de Jesús Campa Magallón

    2005-10-01

    Full Text Available El objectivo fue describir el consumo de alcohol en 129 trabajadores de una industria. La recolección de datos se realizó a través de los cuestionarios AUDIT y CECA. El mayor consumo fue en operarios masculinos con 31 años de edad, 9,8 años de escolaridad, 5 años de antigüedad laboral, casados, con consumo de 3 a 4 bebidas por ocasión (38,5%. Un consumo de 6 copas o más al mês se presentó en 32,7% de los operarios. La frecuencia de consumo mensual fue de 2 o 4 veces. 46,5% fueron considerados dependientes. Ocurrieron daños en 55% de los operarios y empleados. Los empleados refirieron consumo de alcohol en reuniones sociales con compañeros (63,6%. Los consecuencies del consumo fueron: cansancio físico (44,2%, problemas físicos (29,5%, disminución de rendimiento laboral (29,5% y la disminución de reflejos (21,7%. Delante del mayor consumo de alcohol, los trabajdores perciben menores consecuencias respecto a este consumo. Los que refirieron el no consumo se encontraban en la etapa de precontemplación.O objetivo foi descrever o consumo de álcool entre 129 trabalhadores de uma indústria. A coleta de dados foi realizada a través dos instrumentos AUDIT e CECA. A maior porcentagem de consumo foi em operários masculinos de 31 anos, escolaridade de 9,8 anos, tempo de trabalho 5 anos, casados. Identificou-se um consumo de 3 a 4 bebidas por ocasião (38,5%. Obteve-se o consumo de 6 copos ou mais por mês em 32,7% dos operários. A freqüência de consumo mensal foi de 2 ou 4 vezes, a dependência correspondeu a 46,5% e a ocorrência de danos a 55% dos operários e empregados. Os trabalhadores informaram consumo de álcool em encontros sociais com amigos (63,6%. As conseqüências desse consumo foram: cansaço físico (44,2%, problemas físicos (29,5%, diminuição do rendimento de trabalho (29,5% e diminuição de reflexos (21,7%. Diante de um maior consumo de álcool, os trabalhadores percebem menores conseqüências em relação a

  2. Associação dos padrões alimentares com obesidade geral e abdominal em mulheres residentes no Sul do Brasil Association between dietary patterns and body mass index and waist circumference in women living in Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Perozzo

    2008-10-01

    Full Text Available Com objetivo de estudar a associação de padrões alimentares com obesidade, realizou-se estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 1.026 mulheres (20 a 60 anos em São Leopoldo, Rio Grande do Sul, Brasil. A obesidade geral foi avaliada pela utilização de índice de massa corporal (IMC > 30kg/m² e a adiposidade abdominal, circunferência da cintura (CC> 88cm. Os padrões alimentares foram identificados por análise fatorial. Para análise multivariada, foi utilizada regressão de Poisson. Entre o total de mulheres, 18% (IC95%: 15,66-20,53 tinham obesidade geral e 23,3% (IC95%: 20,72-26,06 abdominal. Após controle para fatores de confusão, o baixo consumo do PA-frutas associou-se positivamente com o IMC (RP = 2,18; IC95%: 1,35-3,53; p = 0,001. Já o baixo consumo do PA-vegetais apresentou efeito protetor para o aumento nos níveis de IMC (RP = 0,64; IC95%: 0,47-0,86; p = 0,004 e o do PA-nozes/oleaginosas para o aumento na medida da CC (RP = 0,93; IC95%: 0,89-0,98; p = 0,008. O estudo aponta para a complexidade envolvida na relação entre padrões alimentares e obesidade e a necessidade de novos estudos, objetivando o melhor entendimento do tema.This study focused on the association between dietary patterns and obesity. A cross-sectional population-based study was performed in 1,026 adult women from Southern Brazil. Waist circumference (WC, height, and weight were measured according to a standardized protocol, and body mass index (BMI was calculated. Obesity was defined as BMI > 30kg/m² and WC > 88cm. Principal components analysis was used to identify dietary patterns. Multivariate analysis used a Poisson regression model to estimate prevalence ratios and respective confidence intervals. After controlling for possible confounders, low consumption of "vegetables" protected against increased BMI (PR = 0.64; 95%CI: 0.47-0.86; p = 0.004, while low consumption of "nuts/oilseeds" protected against increased WC (PR = 0

  3. Prática alimentar entre crianças menores de dois anos de idade residentes em municípios do semiárido do Estado da Paraíba, Brasil Feeding practice among children under 24 months in the semi-arid area of Paraíba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Poliana de Araújo Palmeira

    2011-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a prática alimentar de crianças menores de dois anos de idade residentes em municípios do interior do Estado da Paraíba. MÉTODOS: Estudo secional realizado nos 14 municípios mais carentes do Estado da Paraíba. Foram pesquisados 539 domicílios com pelo menos uma criança com idade entre 0 e 23,9 meses. Aplicou-se às mães recordatório 24 horas sobre alimentação das crianças. O modelo de análise considerou três momentos do crescimento e desenvolvimento da criança, identificando as recomendações de consumo alimentar pertinentes. RESULTADOS: Crianças de 0-5,9 meses: destacou-se um importante percentual de desmame (20,7% e a reduzida prevalência do aleitamento materno exclusivo (30,5%. Crianças de 6-11,9 meses: 45,2% ainda mamavam, porém apenas 21,7% das crianças entre 6 e 9,9 meses apresentaram uma alimentação complementar oportuna. Crianças entre 12-23,9 meses: a prática alimentar das crianças caracterizou-se essencialmente pelo consumo de leite não materno e pelo consumo insuficiente de alimentos fontes de ferro. CONCLUSÃO: O hábito alimentar distancia-se de uma prática alimentar segura, especialmente pela interrupção precoce do aleitamento materno exclusivo e sua consequente substituição por refeições à base de leite não materno, expondo esse grupo a situações de insegurança alimentar e nutricional.OBJECTIVE: Examine the feeding practices among children under 24 months in the State of Paraíba, Brazil. METHODS: A cross-sectional study conducted in 14 municipalities identified as the poorest of the state; 539 households composed of at least one child between the ages of 0 and 23.9 months were investigated. A 24-hour recall was conducted with the mothers regarding food consumed by their children. The analytic model took into account established recommendations for appropriate child feeding practices for three age groups: 0-5.9 months; 6-12 months; 12-24 months. RESULTS: Children between

  4. Produtos alimentares tradicionais: hábitos de compra e consumo do mel Traditional alimentary products: purchase habits and honey consumption

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Ribeiro

    2009-12-01

    Full Text Available Este estudo tem como objectivos conhecer o perfil do consumidor do mel e descrever os seus hábitos de consumo e compra. Foi elaborado um estudo quantitativo que teve como base a construção de um questionário, que foi aplicado a 172 indivíduos do Distrito de Bragança. Através da análise descritiva dos dados faz-se a caracterização da amostra e descrevem-se os hábitos de consumo e compra do mel. Participaram neste estudo 172 indivíduos, dos quais 41,9% são do sexo masculino e 58,1% são do sexo feminino. Verificou-se que a esmagadora maioria é consumidor de mel (94,8%, prefere o mel da região porque está mais disponível, é mais saboroso e tem qualidade (70,9%. A principal forma de utilização do mel é combinado com outros alimentos (60,5%, o local preferido para a sua compra é junto do produtor (51,7% e o factor que mais pesa na decisão de compra é o paladar (52,3%.To determine the honey consumer’s profile and to describe purchase and consume habits are the objectives of this study. A cross-sectional survey was carried out in a probabilistic sample including 172 individuals of the Braganza region population. After, a descriptive analyses is done to characterize the sample and purchase and consume habits of the inquiry. In this study participated 172 individuals, of which 41,9% are male and 58,1% are female. It was verified that the smashing majority is honey consumer (94,8%, they prefer the national honey because it is more available, it is tastier, it is quality and it is trustworthy (70,9%. The main form honey use is mixed with other foods (60,5%, the favorite place for the honey purchase is near the producer (51,7% and the most important factor in the purchase decision is the palate (52,3%.

  5. O que é comportamento de risco para transtornos alimentares em adolescentes? What is adolescents' eating disorder risk behavior?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Greisse Viero da Silva Leal

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Caracterizar comportamento de risco para transtornos alimentares (TA e sua frequência entre adolescentes em uma revisão da literatura nacional e internacional. MÉTODOS: Foi realizada uma busca bibliográfica por meio de uma revisão integrativa nas bases de dados PubMed (US National Library of Medicinee Lilacs e no portal SciELO,utilizando-se os descritores relacionados à "eating disorder risk behavior". Foram selecionados artigos publicados nos últimos 10 anos, nos idiomas português, espanhol e inglês, e especificamente com adolescentes. Foram avaliados 76 artigos e analisados a nomenclatura e os instrumentos utilizados para avaliar comportamento de risco para TA e sua prevalência. RESULTADOS: Encontrou-se uma série de termos para avaliar risco para TA. A metodologia mais utilizada foi a de questionários e escalas, destacando-se o EAT-26 ou 40 e o BITE, dentre os mais frequentes; a prevalência de risco variou de 0,24% a 58,4%. CONCLUSÃO: Diferentes nomenclaturas e instrumentos são utilizados para avaliar comportamento de risco para TA entre adolescentes, com grande amplitude nos resultados de prevalência. Maior padronização de termos e metodologia de avaliação permitiriam melhor comparação entre estudos epidemiológicos em diferentes localidades.OBJECTIVE: To characterize eating disorder (ED risk behavior and its prevalence among adolescents in a review of national and international literature. METHODS: We carried out an integrative review on PubMed (U.S. National Library of Medicine, Lilacs and SciELO, using descriptors related to "eating disorder risk behavior". Articles published in the last 10 years, in Portuguese, Spanish and English, and specifically with adolescents were selected. The nomenclature and instruments used to assess eating disorder risk behaviors and its frequency were evaluated and analyzed in 76 articles. RESULTS: Several terms to assess ED risk behavior were found; questionnaires and scales

  6. Avaliação da concentração de fluoretos presente nas águas engarrafadas e produtos alimentares infantis em Portugal

    OpenAIRE

    Noronha, Ana Catarina Silva Cabral

    2012-01-01

    Tese de mestrado, Medicina Dentária, Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Dentária, 2012 Tem sido amplamente descrito na literatura o impacto da ingestão de flúor no aparecimento da fluorose dentária. De igual forma, as estatísticas demonstram um aumento da prevalência de fluorose contrariamente à diminuição da cárie dentária. Avaliaram-se as concentrações de flúor presentes nas águas engarrafadas com e sem gás e nos produtos alimentares infantis comercializados em Portugal, com o...

  7. Análise de interações medicamentosas e alimentares em pacientes com AIDS em uso da TARV associada à terapia de resgate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Antônia Cruz Furini

    2016-07-01

    Full Text Available A combinação de antirretrovirais da terapia de resgate na Síndrome da Imunodeficiência Adquirida aumenta os riscos de interações medicamentosas e alimentares. Este estudo teve como objetivo analisar o risco de interações medicamentosas e alimentares no uso da terapia antirretroviral com medicamentos do resgate por 40 pacientes com AIDS de um Hospital quaternário da região Noroeste paulista. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo de abordagem quantitativa e qualitativa, realizado no período entre2012 e 2013. Os pacientes foram entrevistados através de questionário elaborado pela equipe multidisciplinar de saúde. As entrevistas foram realizadas pela equipe de farmacêuticos. As interações foram avaliadas por bases de dados informatizados. O esquema composto por darunavir, enfuvirtida, lamivudina, raltegravir e ritonavir foi o mais utilizado (32,5% pelos pacientes. Os antirretrovirais que mais apresentaram risco de interações alimentares foram ritonavir, darunavir e tenofovir, em 31 (77,5%, 29 (72,5% e 21 (52,5% pacientes, respectivamente. Foram identificados 87 tipos de potenciais interações medicamentosas, e sete foram classificadas como de nível maior. Neste estudo todas as prescrições apresentaram riscos para interações medicamentosas e demonstraram a importância do monitoramento pela equipe multidisciplinar. Contudo, a maioria das interações medicamentosas foi benéfica, decorrentes da potencialização do efeito terapêutico em consequência do sinergismo entre os fármacos da terapia antirretroviral. A interação entre farmacêuticos e prescritores pode contribuir para a farmacoterapia racional e segura do paciente.Palavras-chave: Síndrome de Imunodeficiência Adquirida. HIV. Antirretrovirais. Interações de Medicamentos. Interações Alimento-Droga. ABSTRACTAnalysis of drug and food interactions in AIDS patients in use of ART associated with rescue therapyThe combination of antiretroviral agents of

  8. Detecção de Salmonella spp. em alimentos e manipuladores envolvidos em um surto de infecção alimentar.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. D. S. Teixeira

    2005-03-01

    Full Text Available RESUMO: O estudo relata a ocorrência de um surto de infecção alimentar veiculado por uma refeição preparada e servida a funcionários de um hospital em Salvador- Ba, em outubro de 1997. Nesta refeição foram servidos: carne de sol, bolinho de peixe, arroz, feijão, aipim “sauté”, melancia e suco de maracujá. Foi realizado inquérito epidemiológico com a participação de 53 pessoas, sendo que destas, 47 apresentaram um quadro severo da doença. O período médio de incubação foi de 26 horas. As pesquisas laboratoriais para a identificação dos possíveis alimentos e microrganismos envolvidos no episódio e os resultados das análises revelaram a presença de Salmonella spp. nas amostras de feijão e aipim “sauté”. Através de coproculturas realizadas com amostras dos manipuladores, foi verificada a presença de microrganismos do gênero Salmonella, sendo quatro de Salmonella typhi, cinco S. enteritidis e uma de Salmonella spp. A análise do inquérito epidemiológico associado às pesquisas laboratoriais foi de grande importância para se identificar o alimento e microrganismos implicados. PALAVRAS CHAVE: Salmonella spp. ; toxinfecção alimentar; surto; higiene alimentar. SUMMARY: This study about Salmonella outbreak was realized in Salvador-Ba. Fifty three persons were involved, of which fourty seven showed severe symptons, that were developed in average of twenty six hours from the time of ingeston of food. The laboratories procedures to find out the microorganism and the food involved in this outbreak were done. The datas showed the presence of Salmonella spp in the samples of “sauté” manioca and beans. The coproculture of the food handlers was done and was verified the presence of Salmonella typhi in four of then, S. Enteritidis in five samples and Salmonella spp in only one. The analysis of the laboratorial researches

  9. Taxa de adequação (ingestão/requerimento de energia como indicador do estado nutricional das famílias: uma análise crítica dos métodos aplicados em pesquisas de consumo de alimentos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mauricio Teixeira Leite de Vasconcellos

    Full Text Available O artigo discute os problemas associados ao uso da taxa de adequação de energia como um indicador do estado nutricional, em estudos populacionais derivados de pesquisas domiciliares de consumo de alimentos. Para tanto, descreve o tratamento dos dados de consumo alimentar para estimar a ingestão familiar de energia e compará-la entre famílias, e com os requerimentos da família para determinar a taxa de adequação familiar de energia. O artigo discute, também, uso das recomendações internacionais sobre os requerimentos humanos de energia e suas limitações decorrentes da não-consideração das condições não-alimentares, dos mecanismos de adaptação, da inadequação das estimativas da taxa metabólica basal e da insuficiência de informações para avaliar o gasto energético das atividades físicas não-laborais nas pesquisas domiciliares consideradas. Para exemplificar aspectos da discussão desenvolvida, os dados do Estudo Nacional da Despesa Familiar (ENDEF realizado pelo IBGE, em 1974-1975, são usados. O artigo conclui que o uso principal da taxa de adequação é na identificação das famílias que sofrem de restrição alimentar.

  10. Transtorno do comportamento alimentar em atletas de elite de nado sincronizado Eating disorders in elite synchronized swimmers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Talita Adão Perini

    2009-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O objetivo do presente estudo foi identificar a presença de transtorno do comportamento alimentar (TCA ou síndromes precursoras e o grau de distorção da imagem corporal em atletas de elite de nado sincronizado. Essa modalidade é considerada de risco para desenvolvimento de TCA por valorizar, além de outros aspectos, a leveza e beleza de movimentos que, de certa forma, estão associados a baixa massa corporal. MÉTODOS: Foram avaliadas 27 atletas de nado sincronizado, sendo 19 da categoria juniores (15,6 ± 0,8 anos e oito da categoria de seniores (19,0 ± 1,3 anos que compunham a seleção brasileira na época do estudo (2000. Um grupo de 32 adolescentes não-atletas (15,0 ± 1,6 anos foi usado para comparação com as atletas. Os procedimentos metodológicos adotados foram: aplicação de três instrumentos de auto-relato, validados. 1 EAT-26 - presença de comportamentos alimentares inadequados; 2 BITE - presença de atitudes sugestivas de bulimia nervosa; e 3 BSQ - insatisfação da auto-imagem corporal. RESULTADOS: Embora tanto o grupo de atletas, quanto o de não-atletas tenham apresentado parâmetros antropométricos compatíveis com padrões saudáveis para a idade e sexo, os resultados evidenciam a presença de insatisfação com a auto-imagem corporal e a adoção de práticas patológicas de controle da massa corporal, sobretudo entre atletas da categoria juniores e entre as adolescentes não-atletas. CONCLUSÕES: Os resultados encontrados no presente estudo retratam uma tendência mundial de preocupação com a aparência entre adolescentes capaz de levá-las à adoção de condutas não-saudáveis.OBJECTIVES: The aim of the present study was to identify the Eating Behavior Disorder (EBD or precursory syndromes and the level of distortion of the body image of elite synchronized swimming athletes. This sport modality is considered of risk for development of eating disorders for valuing, among other aspects, the

  11. Modelo de influência cultural no consumo: uma proposta baseada em axiomas sociais.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Alfinito

    2012-10-01

    Full Text Available Escassos são os esforços no Brasil para investigar as relações entre o comportamento do consumidor e seus valores e suas crenças sociais (isto é, axiomas, embora existam evidências de que, também no país, os valores do consumidor explicam parte do processo de decisão de consumo, o que ajuda a sustentar a validade cultural do modelo das duas rotas (MDR. O objetivo do presente estudo foi avaliar a influência de aspectos culturais na decisão de compra do consumidor, indo além do MDR e propondo o modelo de influência cultural no consumo (Micc, que analisa a escolha do consumidor baseando-se não apenas nos valores, como também no construto de axiomas sociais proposto por Leung et al. (2002. Para testar o Micc, foi usado como objeto de estudo o mercado de educação superior brasileiro. Participaram 2.483 estudantes distribuídos em todo o país, com idade média de 22,6 anos (DP = 6,9, sendo 59,2% do sexo feminino. Eles responderam a uma medida de importância de atributos tangíveis, ao inventário de valores humanos de Schwartz (1994, à escala de axiomas sociais, à escala de julgamento e significado de serviços, além de dados demográficos. Após a verificação dos pressupostos e aplicação das análises fatoriais (PAF, foram conduzidas regressões logísticas binárias diretas e sequenciais usando somente valores, em seguida somente axiomas e depois, finalmente, valores e axiomas, como as variáveis-critério. Em termos gerais, os resultados apontam a estabilidade do Micc, que demonstrou representar uma alternativa superior ao MDR, após indicar melhoria preditiva de até 89,5%. Discute-se que, enquanto valores são transituacionais e prescritivos, axiomas apresentam-se descritivos, além de cumprirem funções de atitudes relacionadas às descrições de objetos. Cognitivamente, a descrição do objeto social estaria mais disponível que a predição deste devido à maior proximidade dos atributos, possibilitando melhor

  12. HIPERSENSIBILIDADE ALIMENTAR

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AURELUCE DEMONTE

    2007-01-01

    Full Text Available Uma grande multiplicidade de fatores caracteriza o tópico hipersensibilidade alimentar. Pela análise da literatura compilada fatores nutricionais, imunológicos e estereoquímicos interagem no quadro clínico de reações adversas, que incluem o envolvimento cutâneo (urticária, exantema, gastrointestinal (náuseas, vômitos, diarréia e respiratório (broncoespasmo, rinite. Estudos da capacidade imunogênica de preparações protéicas, química de proteínas e vias de administração para suporte nutricional devem ser incentivados, para que possa haver resoluções clínicas efetivas para alergias alimentares.

  13. Indo além : o uso do marketing alimentar e nutricional por uma rede de fast-food na Internet

    OpenAIRE

    Pereira, Maína Ribeiro

    2014-01-01

    Em um contexto de transição alimentar e nutricional, mas com um discurso cada vez mais preocupado com consumo mais saudável e sustentável, as empresas têm buscado se adaptar às exigências e aproveitar as novas oportunidades de mercado que valorizam o alimento mais saudável e que esteja relacionado a práticas ambientais sustentáveis e à qualidade de vida. Estratégias de marketing de alimentos que evidenciem esse tipo de consumo são desenvolvidas com o intuito de reposicionar as marcas à uma im...

  14. Produção orgânica: predileção de consumo e potencialidades do seguimento em Fortaleza – CE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. S. P. Oliveira

    2015-12-01

    Full Text Available Este trabalho objetivou investigar o perfil de consumidores de produtos orgânicos, bem como sua forma de aquisição e quais as preferências que influenciam no momento de decidir sobre a compra. O presente estudo foi desenvolvido durante a VIII FECEAF – Feira Cearense da Agricultura Familiar – em Fortaleza, Ceará, durante julho de 2015, totalizando 100 sujeitos amostrais. Foram respondidas questões objetivas referentes ao perfil do consumidor, onde os indivíduos do sexo feminino (51%, à faixa etária entre 21 a 30 (39% e o ensino médio (48% desse público obtiveram maior representatividade. Observou-se ainda o pouco conhecimento acerca dos produtos orgânicos entre os entrevistados (61%, tendo a televisão como principal fonte de informação a respeito do tema (34%. No que diz respeito aos hábitos de consumo e a forma de aquisição desse tipo de produto, 54% dos respondentes o escolhem por apresentar uma melhor qualidade quando comparados aos convencionais, 43% o consomem todos os dias e 41% costumam adquiri-los em supermercados. Já o hábito familiar de consumo obteve um percentual expressivo (87%, em que todos os integrantes da família fazem uso do consumo de produtos orgânicos. Quanto à atratividade, 53% relatam que a ausência de agrotóxicos tornam os produtos orgânicos mais atrativos. Entre os orgânicos mais consumidos, as frutas (53% e as hortaliças (29% obtiveram maior destaque. Nesse sentido concluímos com o trabalho que os hábitos alimentares das famílias tem se tornado cada vez mais saudáveis, dando espaço ao crescimento do comércio do produto orgânico, fortalecendo o mercado incentivando a produção. Organic production: consumer preference and potential tracking in Fortaleza – CEAbstract: This study aimed to investigate the profile of consumers of organic products as well as their way of acquisition and which preferences that influence when deciding on the purchase. This study was developed during the

  15. O chá em Portugal : história e hábitos de consumo

    OpenAIRE

    Silva, Rui Manuel Esteves da

    2014-01-01

    Dissertação de mestrado em Estudos Interculturais Português/Chinês : Tradução, Formação e Comunicação Empresarial Neste trabalho, apresenta-se uma breve história do desenvolvimento da produção e consumo de chá na China antiga e em Portugal. Inicialmente, é apresentada a origem lendária da planta do chá, assim como o os primeiros registos do uso da planta na China e o desenvolvimento e generalização do seu consumo até à dinastia Yuan. Faz-se, então, referência à expansão do chá par...

  16. O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DE ÁGUA MINERAL: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE AS VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM O CONSUMO.

    OpenAIRE

    Anonymous

    2006-01-01

    A água mineral foi o produto que mais apresentou crescimento em consumo entre as famílias brasileiras nos últimos trinta anos, ultrapassando 0,320 litros per capita/ano em 1974/1975 e alcançando a marca de 18,541 litros em 2002/2003. Dentre os produtos de maior consumo alimentar, somente o leite fica à frente da água mineral. No âmbito mundial, o consumo de água envasada deverá continuar crescendo nos próximos anos, passando de um volume de 155 bilhões de litros em 2003 para 206 bilhões em 20...

  17. Hábitos alimentares aterogênicos de grupos populacionais em área metropolitana da região sudeste do Brasil Atherogenic alimentary habits of population groups in a metropolitan area of southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ignez Salas Martins

    1994-10-01

    Full Text Available Em amostra representativa da população de duas áreas de estudo (568 indivíduos, Município de Cotia, SP, Brasil, foi realizado inquérito alimentar, baseado na história alimentar do indivíduo. Os objetivos foram: identificar o potencial aterogênico de dietas de diferentes agrupamentos humanos, estratificados em classes sociais e analisar diferenciais de consumo de alguns nutrientes, que conferem aterogenicidade à dieta entre esses agrupamentos. Foram analisados diferenciais de consumo, entre homens e mulheres, segundo classes sociais e tomando-se como referência o percentil 50 (P50 da amostra, dos seguintes constituintes da dieta: energia, proteínas totais, proteínas de origem animal, percentagem de calorias protéicas (P%, ácidos graxos, gorduras, carboidratos. Seguindo esse critério, foram analisados perfis de dieta em relação às recomendações do National Cholesterol Education Program (NEP no que diz respeito às calorias fornecidas pelas gorduras (G >30%, ac. graxos saturados (AGS> 10%, carboidratos (HC>60% e colesterol (>300mg/dia. Os resultados mostraram que os diferenciais de consumo foram mais pronunciados entre os homens do que entre as mulheres. As classes sociais, entre os homens, que apresentaram maiores percentuais acima do P50 da amostra, no que diz respeito à energia , proteínas totais, gorduras e carboidratos, foram as representadas pelos trabalhadores não qualificados, que se dedicam a trabalhos braçais com alto consumo energético e a dos pequenos proprietários e comerciantes. A classe de maior poder aquisitivo e nível educacional apresentou consumo moderado desses constituintes. O consumo de proteínas de origem animal, acima do P50, entre homens e mulheres, guardou relação direta com o nível socioeconômico da classe . A participação calórica das gorduras (G% e proteínas (P% foi diretamente proporcional ao poder aquisitivo da classe, ao passo que a dos carboidratos (HC% guardou relação inversa

  18. Fatores associados a sintomas de transtornos alimentares entre escolares da rede pública da cidade do Salvador, Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaisy Cristina Honorato Santos Alves

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar prevalência e fatores associados aos sintomas de transtornos alimentares entre escolares. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 365 escolares, de 7 a 14 anos de idade, do ensino fundamental de Salvador/BA. Aplicou-se nos escolares 13 anos de idade, o Teste de Atitudes Alimentares-26, o Teste de Investigação Bulímica de Edinburgh e o Teste de Imagem Corporal. O Child Behavior Checklist foi aplicado para todos os escolares. Coletaram-se dados antropométricos e alimentares, sobre estilo de vida, demográficos, socioeconômicos e puberais. Na análise estatística utilizou-se regressão de Poisson. RESULTADOS: Sintomas de transtornos alimentares estavam presentes em 23% dos escolares. Idade (RP: 1,25; IC95%: 1,11-1,40, insatisfação com imagem corporal (RP: 4,23; IC95%: 2,53-7,08, problema de comportamento de internalização (RP: 1,78; IC95%: 1,11-2,85, substituição das refeições por consumo de balas (RP: 2,14; IC95%: 1,24-3,69, maior consumo de frutas e outros vegetais (RP: 2,49; IC95%: 1,55-3,99 e escolaridade materna de 5ª a 8ª série (RP: 1,95; IC95%: 1,06-3,58 associaram-se ao aumento da ocorrência dos sintomas de transtornos alimentares. CONCLUSÃO: Observou-se alta prevalência de sintomas de transtornos alimentares entre os escolares; fatores sociodemográficos e comportamentais estavam associados ao evento.

  19. Aeromonas spp. IN PRODUCTS OF ANIMAL ORIGIN AND DRINKING WATER OF GOIÂNIA-GO Aeromonas spp. EM PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL E EM ÁGUA DE CONSUMO DE GOIÂNIA - GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albenones José de Mesquita

    2007-09-01

    Full Text Available

    A total of 53 samples of products from animal origin and drinking water was examined for the presence of <em>Aeromonas spp.em> <em>Aeromonas> occurred in 26.41% (14/53 of the samples. The raw products showed high frequency of contamination and relatively high count Aeromonas hydrophila was the dominating species, 57.5%, being followed of <em>A. veroniem> (22.5%, <em>A. sobriaem> (17.5% and <em>A. mediaem> (2.5%. None of the <em>Aeromonas sppem>. was isolated from chlorinated or unchlorinated drinking water.

    KEY-WORDS: <em>Aeromonas>; animal origin products; drinking water.

    Um total de 53 amostras de produtos de origem animal e água de consumo foi examinado para se verificar a presença de <em>Aeromonas> <em>spp>. Desse total, 14/53 (26,41% amostras foram positivas para <em>Aeromonas>. Os produtos crus apresentaram maior freqüência de contaminação e contagem relativamente elevadas. A espécie <em>Aeromonas> <em>hydrophila> foi a mais freqüente (57,5%, seguida pelas espécies <em>A. veroniem> (22,5%, <em>A. sobriaem> (17,5% e A. media (2,5%. Nenhuma amostra de água de consumo, clorada ou não clorada, mostrou-se positiva para <em>Aeromonas> <em>ssp>.

    PALAVRA-CHAVE: <em>Aeromonas>; produtos de origem animal; água de consumo.

  20. Segurança/insegurança alimentar em famílias urbanas e rurais no estado do Amazonas: I. validação de metodologia e de instrumento de coleta de informação Nutritional security/insecurity in urban and rural families of Amazonas state: validation of methodology and of information collecting instrument

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia K. O. Yuyama

    2007-06-01

    Full Text Available O presente estudo validou a metodologia e o instrumento de coleta de informação para análise da segurança/insegurança alimentar, em famílias urbanas e rurais no estado do Amazonas conforme o proposto pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Valendo-se de amostra intencional de domicílios, selecionadas para representar estratos sociais diferentes foram computadas 194 famílias sendo 174 com crianças na área urbana de Manaus, envolvendo os seguintes bairros: Jesus me Deu, Novo Israel, Cidade Nova, Coroado e Conjunto Petro. Na área rural foram entrevistadas 209 famílias ribeirinhas e destas 131 com crianças, distribuídas entre os Municípios de Iranduba e Manacapuru. A validação final do questionário (Consistência interna global deu-se por meio da comparação dos níveis de segurança e insegurança alimentar, com os estratos definidos dos indicadores sociais e de consumo. Pode-se concluir que os grupos com maior insegurança alimentar foram os situados em estratos sociais mais baixos e de baixo consumo de alimentos sensíveis a estas condições. O instrumento de coleta apresentou alta validade e consistência interna.The present study validates the methodology and the information collecting instrument for analysis of nutritional security/insecurity on the urban and rural family level, proposed by the USDA (United States Department of Agriculture. An intentional sample of domiciles was selected to represent different social strata, 194 families were enrolled in urban Manaus, of which 174 had children, in the following neighborhoods: Jesus me Deu, Nova Israel, Cidade Nova, Coroado and Conj. Petro. In the rural area between the municipalities of Iranduba and Manacapuru, 209 riparian families were interviewed, and of these 131 had children. The final validation of the questionnaire (global internal consistency was made by comparing, the levels of nutritional security/insecurity, with the defined social strata and

  1. Lesões parasitárias encontradas em bovinos abatidos para consumo humano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Tessele

    2013-07-01

    Full Text Available Durante um período de 28 meses (janeiro 2011-abril 2013 foram feitas visitas periódicas a quarto abatedouros frigoríficos de bovinos para colher lesões regularmente encontradas em bovinos abatidos para consumo humano. Trezentas e três lesões foram colhidas, 25% das quais eram causadas por seis parasitas diferentes: o metacestoide de Echinocccus granulosus (cisto hidático, Fasciola hepatica, o metacestoide de Taenia saginata (Cysticercus bovis, Oesophagostomum radiatum, Eurythrema coelomaticum e Paramphistomum cervi. Os aspectos macro e microscópicos causados por esses vermes são profusamente ilustrados e uma descrição macro e microscópicadas lesões é fornecida na esperança de auxiliar o inspetor de carnes iniciante na tarefa de reconhecer e interpretar o significado dessas lesões tanto para a saúde animal quanto para a saúde humana. Com respeito a esses últimos objetivos, o ciclo evolutivo, e os efeitos nos hospedeiros animal e humano, e ainda a destinação da carcaça ou órgão afetado na linha de inspeção, são discutidos para cada parasita.

  2. Consumo de frutas e hortaliças por adultos em Ribeirão Preto, SP Consumo de frutas y hortalizas por adultos en Ribeirao Preto, Sureste de Brasil Fruit and vegetable intake by adults in Ribeirão Preto, Southeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lenise Mondini

    2010-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo de frutas e hortaliças por adultos e identificar variáveis sociodemográficas e de estilo de vida associadas ao consumo desses alimentos. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional, realizado na área urbana de Ribeirão Preto, SP, em 2006, com amostra selecionada por conglomerados, em três estágios, tendo como unidade primária o setor censitário. A amostra foi composta por 930 participantes com 30 anos e mais; na análise de dados levou-se em consideração o efeito de desenho. O consumo de frutas e hortaliças baseou-se em questionário de freqüência semiquantitativo, utilizando-se como indicadores os escores médios de freqüência de consumo de frutas e hortaliças, consumo diário e consumo mínimo desses alimentos. As variáveis independentes analisadas foram: faixa etária, estado marital, escolaridade, renda familiar per capita, estado nutricional, tabagismo e atividade física. Médias dos escores de freqüência de consumo foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança. Para o estudo de associação, razões de prevalências foram estimadas por pontos e por intervalos com 95% de confiança, utilizando-se regressão de Poisson. Testes de tendência linear foram aplicados, adotando-se nível de significância de 5%. RESULTADOS: Apenas 24% dos homens e 38% das mulheres atenderam à recomendação mínima do consumo de frutas e hortaliças; observou-se associação positiva com a idade e renda per capita. Mulheres com maior escolaridade e homens que viviam com a companheira consumiam mais frutas e hortaliças que os demais. Atividade física, tabagismo e estado nutricional não apresentaram associação com o consumo mínimo recomendado de frutas e hortaliças. CONCLUSÕES: Fatores socioeconômicos têm importante influência sobre o consumo de frutas e hortaliças e, por serem passíveis de intervenção, podem contribuir para a adoção de hábitos alimentares saud

  3. Consumo de nutrientes, comportamento ingestivo, caracterÃsticas de carcaÃa e de componetes nÃo-carcaÃa de ovinos Santa Ines alimentados com diferentes nÃveis energÃticos

    OpenAIRE

    Rildson Melo Fontenele

    2010-01-01

    Objetivou-se com o presente estudo avaliar o consumo de nutrientes, comportamento ingestivo, ganho mÃdio diÃrio de peso (GMD), conversÃo alimentar (CA), eficiÃncia alimentar (EA), caracterÃsticas de carcaÃa, cortes comerciais, categorias de cortes comerciais, peso dos ÃrgÃos internos, conteÃdo e compartimentos gastrintestinais, peso e rendimento da buchada e panelada de ovinos Santa InÃs em crescimento, alimentados com diferentes nÃveis de energia metabolizÃvel (EM). Utilizaram-se 20 animais ...

  4. Fatores associados ao consumo regular de refrigerante não dietético em adultos de Pelotas, RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores associados ao consumo regular de refrigerantes não dietéticos por adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 972 adultos (20 a 69 anos do município de Pelotas, RS, realizado em 2006. A freqüência de consumo nos 12 meses anteriores à pesquisa foi medida por meio da pergunta: "em geral desde o do ano passado, quantas vezes tu tomaste refrigerante não dietético?". As respostas categorizadas foram dicotomizadas para fins de análise. Foi considerado consumo regular de refrigerante não dietético a freqüência de cinco ou mais vezes por semana. A associação entre o desfecho e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e nutricionais foi analisada pelo teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e a análise multivariável foi realizada por meio de regressão de Poisson, com variância robusta. RESULTADOS: Cerca de um quinto da população adulta de Pelotas (20,4% ingeria regularmente refrigerante não dietético. Indivíduos do sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00, fumantes atuais (RP 1,60; IC95%: 1,20;2,10 e que consumiam semanalmente lanches (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70 apresentaram maior prevalência de consumo de refrigerantes não dietéticos na análise ajustada. A análise estratificada por sexo mostrou que o consumo regular de frutas, legumes e verduras foi fator protetor ao consumo de refrigerantes entre mulheres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90. CONCLUSÕES: A freqüência do consumo regular de refrigerantes não dietéticos na população adulta foi elevada, particularmente entre homens, jovens e fumantes.

  5. Prevalência do consumo de medicamentos em adultos brasileiros: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Pereira Gomes

    Full Text Available Resumo O uso de medicamentos em adultos foi avaliado por alguns estudos de base populacional no Brasil, mas não há estimativa geral da prevalência desse consumo disponível. Nosso objetivo foi estimar a prevalência do uso de medicamentos avaliada em estudos transversais entre adultos brasileiros. Realizou-se uma revisão sistemática da literatura por meio de busca no Medline, Embase, Scopus, Lilacs, SciELO, banco de teses da Capes até janeiro de 2017. Duas revisoras selecionaram as pesquisas, extraíram os dados e avaliaram a qualidade metodológica daquelas incluídas. As prevalências de consumo foram combinadas em meta-análises, a heterogeneidade foi medida pelo I2 e investigada por análises de subgrupo e metarregressão. A busca identificou 4.005 publicações, das quais 14 foram incluídas no estudo. A maioria dos estudos (12/14 mediu o consumo nos últimos 15 dias, encontrando prevalência de consumo de 49,1% (IC95%: 48,5-49,6%; I2 =100%. O período recordatório explica parte da heterogeneidade encontrada (R2= 23%; p = 0,048, mas a análise de subgrupos não possibilitou encontrar resultados mais homogêneos. O uso de medicamentos é realizado por quase metade dos adultos brasileiros. Ações adequadas de assistência e atenção farmacêutica são necessárias para assegurar o uso racional dessas tecnologias.

  6. Impacto da promoção sobre consumo de frutas e hortaliças em ambiente de trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Da Silva Franco

    2013-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o impacto de ações para promoção do consumo de frutas e hortaliças em ambiente de trabalho. MÉTODOS: Estudo de intervenção com grupo controle histórico conduzido com 61 funcionários de uma empresa pública, no Rio de Janeiro, RJ, de 2007 a 2009. O estudo foi realizado em três etapas: (a diagnóstico pré-intervenção, que abrangeu caracterização da empresa estudada e da fornecedora de refeições, avaliação do consumo de frutas e hortaliças pelos funcionários e a inclusão de grupo focal para conhecer os determinantes do consumo de frutas e hortaliças e subsidiar o planejamento da intervenção; (b intervenção, composta por uma vertente ambiental (refeitório da empresa e outra educativa (dirigida aos indivíduos; e (c diagnóstico pós-intervenção, que incluiu impressões sobre modificações no restaurante no tocante à oferta de frutas e hortaliças, exposição dos indivíduos à intervenção e respectivo consumo. A associação entre indicadores de exposição e desfecho foi analisada por meio de modelos de regressão múltipla. RESULTADOS: A média de cobertura das atividades e materiais educativos foi de 63,5%. A maioria dos funcionários percebeu mudanças positivas em pelo menos um dos cinco aspectos examinados referentes ao ambiente. O consumo de frutas e hortaliças aumentou 38,0% (0,66 porção na refeição avaliada. Indicadores de exposição da vertente ambiental e da vertente educativa associaram-se a indicadores de desfecho. CONCLUSÕES: O consumo de frutas e hortaliças aumentou entre trabalhadores expostos à intervenção de promoção desses alimentos no ambiente de trabalho. O desenho multicomponente da intervenção parece ter contribuído para esses achados.

  7. Tratamento nutricional dos transtornos alimentares Nutritional treatment of eating disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Romero Latterza

    2004-01-01

    Full Text Available Pacientes com transtornos alimentares possuem inadequações profundas no consumo, padrão e comportamento alimentar, além de diversas crenças equivocadas sobre alimentação, o que geralmente acarreta piora do estado nutricional. O tratamento nutricional visa a reverter tais alterações e promover hábitos alimentares saudáveis e melhor relação para com o alimento. Os objetivos e características do tratamento diferem para a anorexia nervosa e a bulimia nervosa, contudo, usualmente, a abordagem é dividida em duas fases: a educacional, cujas principais metas são a regularização do hábito alimentar e o aumento do conhecimento nutricional, e a experimental, que visa a propiciar maior reabilitação nutricional e mudanças mais profundas no comportamento alimentar. As evidências existentes sugerem que o tratamento nutricional promove a melhora de tais parâmetros, porém, alguns comportamentos alimentares, como a sensação de incompetência ao lidar com os alimentos, permanecem. Desta forma, mais estudos são necessários para que se possa de fato avaliar a eficácia da abordagem nutricional.Patients with eating disorders have disturbed food intake, food pattern, food behavior, and mistaken beliefs about food and nutrition, which can worsen nutritional status. The nutritional treatment aims to revert such alterations and to promote better food habits and relationship with food. The objectives and characteristics of the treatment are different for anorexia nervosa and bulimia nervosa, but usually the approach has two phases: the educational phase, whose major goals are regularization of food habits and increase of nutrition knowledge; and the experimental phase, whose targets are better nutritional rehabilitation and more complex improvements of nutritional behavior. Evidence suggests that nutritional treatment can ameliorate such parameters, but some inadequate food behaviors remain, such as feeling of incompetence while dealing with

  8. Transtornos alimentares em alunas de nutrição do Rio Grande do Sul Eating disorders in female nutrition students in Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Ramos Kirsten

    2009-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar sintomas de transtornos alimentares em estudantes de Nutrição do sexo feminino em relação ao estado nutricional, à prática de atividade física e ao semestre cursado. MÉTODOS: Foi utilizado o Eating Attitudes Test-26 para verificar sintomas de transtornos alimentares em estudantes do curso de Nutrição de uma faculdade particular do Rio Grande do Sul. Foram coletados dados de peso e altura para a avaliação do estado nutricional, semestre cursado, prática de atividade física e dados demográficos. RESULTADOS: A amostra foi composta por 186 alunas. As entrevistadas, em sua maioria, apresentavam entre 21 e 25 anos de idade (50,0%, cor branca (93,5%, renda inferior a 10 salários-mínimos (66,0% e eram solteiras (91,0%. Os resultados do Eating Attitudes Test-26 demonstraram que 24,7% das estudantes apresentavam sintomas de transtornos alimentares. Cerca de 85,5% das estudantes da amostra eram eutróficas, 8,5% apresentavam algum grau de desnutrição e 6,0%, sobrepeso e/ou obesidade. Não houve significância estatística na comparação entre sintomas de transtornos alimentares com o estado nutricional (p=0,32, o semestre cursado (p=0,67 e com a prática de atividade física (p=0,12. CONCLUSÃO: Foi identificada alta proporção de sintomas de transtornos alimentares, porém sem significância estatística quando comparado com o estado nutricional, à atividade física e ao semestre cursado.OBJECTIVE: The objective of this study was to check for symptoms of eating disorders in female nutrition students in relation to their nutritional status, level of physical activity and academic semester. METHODS: The Eating Attitudes Test-26 was used to check for symptoms of eating disorders in nutrition students of a private college in Rio Grande do Sul, Brazil. The following data were collected: weight, height, academic semester, level of physical activity and demographic data. RESULTS: The sample consisted of 186 female

  9. O consumo de antioxidantes e o balanço energético na dieta de praticantes de hidroginástica em idade sénior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filomena Calixto

    2007-06-01

    Full Text Available Existe uma evidência epidemiológica muito sustentada que associa o consumo de alimentos vegetais (cereais, frutas e legumes à redução da incidência de numerosas doenças cardiovasculares, cancerígenas, neurodegenerativas e à preservação da saúde no geral. Também é aceite e está largamente demonstrado que a actividade física associada a uma dieta equilibrada contribui para a saúde e o bem estar do indivíduo (Coyle, 2000. Sabe-se ainda que o exercício físico funciona como um factor de stress fi siológico e metabólico (Quiles et al., 1999, devido ao aumento da actividade mitocondrial que leva a um incremento na produção de radicais livres. O exercício moderado praticado pelo menos cinco vezes por semana está relacionado com uma melhoria da saúde do indivíduo (ACSM, 2005. O exercício demasiado intenso e prolongado com períodos de recuperação defi cientes tem sido relacionado com uma redução das capacidades e funções imunitárias (Gleeson et al., 2001, 2004, Nieman, 1995 e com alterações bioquímicas e hormonais (Gleeson and Bishop, 2000 características dos estados de stress. Em qualquer dos casos os mecanismos de defesa antioxidante associados ao consumo adequado de fontes alimentares ricas em antioxidantes é essencial para potenciar os efeitos benéfi cos do exercício ou para atenuar os efeitos do stress oxidativo. (…

  10. A soberania alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chonchol Jacques

    2005-01-01

    Full Text Available ESTE artigo enfoca os problemas da situação alimentar da humanidade desde a conjuntura dos anos de 1930 até o presente. O autor, historiando o problema da relação entre a agricultura e os fenômenos da subalimentação e da fome, apresenta as possíveis opções para um futuro imediato (2010, polêmica na qual toma partido por uma das hipóteses em voga, não sem antes refletir sobre a situação em diversas latitudes do mundo (África, Oriente Médio... e especificamente em Nossa América, região para a qual adverte que, dadas as mudanças na estrutura do mercado, se está produzindo uma forte tendência à concentração e internacionalização da produção, com o conseqüente desaparecimento da soberania alimentar.

  11. Ingestão alimentar em pacientes com doença inflamatória intestinal Food intake in patients with inflammatory bowel disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alice Freitas da Silva

    2011-09-01

    Full Text Available RACIONAL: Pacientes com doença inflamatória intestinal podem apresentar deficiências nutricionais. OBJETIVO: Verificar a adequação da ingestão alimentar de pacientes com doença de Crohn e retocolite ulcerativa inespecífica. MÉTODOS: Para avaliação da ingestão alimentar de 55 pacientes, 28 com doença de Crohn e 27 com retocolite ulcerativa atendidos em ambulatório de gastroenterologia, utilizou-se o Recordatório Alimentar de 24 Horas e o Questionário de Frequência Alimentar. A atividade inflamatória da doença foi avaliada pelos níveis séricos de proteína C reativa e o Índice de Harvey e Bradshaw. Para comparação de médias foi usado o teste t não pareado e, para as médias não paramétricas, o teste de Mann-Whitney, considerando nível de significância valor de pBACKGROUND: Patients with inflammatory bowel disease may have nutritional deficiencies. AIM: To verify the adequacy of dietary intake of patients with Crohn's disease and ulcerative colitis. METHODS: To assess food intake of 55 patients, 28 with Crohn's disease and 27 with ulcerative colitis treated in the gastroenterology clinic, was used the 24-Hour Food Recall and Food Frequency Questionnaire. The inflammatory activity of the disease was evaluated by serum C-reactive protein and Harvey and Bradshaw Index. For comparison of means t test was used, and the average on non-parametric, the Mann-Whitney test, with level of significance p <0.05. RESULTS: The patients were aged between 19 and 63 years and time since diagnosis was 7.9 years (1 to 22. According to the food intake was identified deficiency in energy intake, fiber, iron, potassium, sodium, magnesium, calcium, menadione, riboflavin, niacin, folate, pantothenic acid, tocopherol and cholecalciferol in Crohn's disease and ulcerative colitis, active or in remission. The intake of vegetables, fruits, dairy products and beans were low, and intake of fats and sweets was higher than the recommendations

  12. HÁBITOS Y PREFERENCIAS DE CONSUMO. CONSUMO EN ESTUDIANTES UNIVERSITARIOS // CONSUMER HABITS AND PREFERENCES. CONSUMPTION IN UNIVERSITY STUDENTS // HÁBITOS DE CONSUMO E PREFERÊNCIAS. CONSUMO EM ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Héctor Fabio Ríos Hernández

    2016-06-01

    Full Text Available El artículo analiza el comportamiento de consumo en estudiantes universitarios. El fundamento conceptual es la teoría microeconómica del consumidor y elementos básicos de economía del comportamiento. Considerando la declaración sobre sus preferencias de consumo para doce grupos de bienes, se analiza la probabilidad de realizar un presupuesto mensual de gasto, teniendo en cuenta su rango de ingreso. Se concluye que el ingreso es factor fundamental en la elaboración de un presupuesto, teniendo en cuenta las preferencias por grupos de bienes. El grupo de bienes alimentos es muy importante para los estudiantes con ingreso hasta 2 millones, mientras que estudiantes con ingresos mayores presentan mayores preferencias por prendas de vestir, restaurantes y hoteles, y bienes y servicios diversos.

  13. Estimativa do consumo de energia e de macronutrientes no domicílio e na escola em pré-escolares Estimation of energy and macronutrient intake at home and in the kindergarten programs in preschool children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Rombaldi Bernardi

    2010-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar o consumo de energia e de macronutrientes no domicílio e na escola em tempo integral em crianças de 2 a 6 anos e pesquisar diferenças no consumo entre as crianças de escolas públicas e particulares. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 362 pré-escolares em Caxias do Sul (RS. O estado nutricional foi avaliado pela razão peso para estatura. O consumo na escola foi avaliado por meio do método de pesagem direta individual dos alimentos consumidos pelas crianças e, no domicílio, por meio do método de registro alimentar realizado pelos pais ou responsáveis. Para as análises estatísticas utilizou-se o teste U de Mann-Whitney (p OBJECTIVE: To estimate the energy and macronutrient intake at home and at all-day in the kindergarten programs in children aged 2 to 6 and to investigate differences in consumption and intake between children at public and private kindergartens. METHODS: This was a cross-sectional study of 362 preschool children from Caxias do Sul, Brazil. Nutritional status was assessed in terms of weight to height ratios. Foods consumed in the kindergarten were evaluated by weighing the actual foods eaten by the children and home intakes were calculated from a food diary kept by parents or guardians. Statistical analyses were performed using the Mann-Whitney U test (p < 0.05. RESULTS: It was found that 28 children (7.7% were overweight, 92 (25.4% were at risk of becoming overweight and seven (1.9% were classified as having wasting. Analysis of 24-hour nutritional intake demonstrated that 51.3% of the energy, 60.3% of the lipids and 51.6% of the proteins consumed by children were eaten at home, despite the children spending the whole day in the kindergarten programs. Preschool children at kindergartens ate greater quantities of energy (p = 0.001, carbohydrates (p < 0.001, and lipids (p = 0.04 than did children at public kindergartens, but their total daily intakes were similar, irrespective of which type of

  14. Influência regional no consumo precoce de alimentos diferentes do leite materno em menores de seis meses residentes nas capitais brasileiras e Distrito Federal

    OpenAIRE

    Saldiva,Silvia Regina Dias Medici; Venancio,Sonia Isoyama; Gouveia,Ana Gabriela Cepeda; Castro,Ana Lucia da Silva; Escuder,Maria Mercedes Loureiro; Giugliani,Elsa Regina Justo

    2011-01-01

    Objetivou-se avaliar a influência regional no consumo precoce de alimentos diferentes do leite materno em menores de seis meses residentes nas capitais brasileiras. Analisaram-se dados de 18.929 crianças da II Pesquisa de Prevalência de Aleitamento Materno nas Capitais Brasileiras - 2008. As frequências do consumo de chá, sucos, leite artificial e mingau/papa foram calculadas para as capitais das cinco regiões brasileiras. Curvas do consumo foram obtidas pela análise de logitos e estimativas ...

  15. Avaliação do consumo de água em domicílios: fatores intervenientes e metodologia para setorização dos usos

    OpenAIRE

    Gabriella Laura Peixoto Botelho

    2015-01-01

    O presente trabalho se voltou ao estudo da parcela do consumo de água destinada ao uso domiciliar. O conhecimento das parcelas de influência no consumo de água residencial pode subsidiar o uso eficiente deste insumo e, consequentemente, a melhor gestão dos recursos hídricos através das medidas de gestão da demanda. As residências estudadas situam-se no Bairro de Nordeste de Amaralina, na região da Chapada do Rio Vermelho. Em resumo, avaliou-se o consumo de água total e setorial, dessas residê...

  16. Consumo e digestibilidade de dietas contendo feno de jitirana para ovinos em terminação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Cézar da Silva

    2017-02-01

    Full Text Available A jitirana é encontrada em abundância na região semiárida do Nordeste brasileiro, conferindo durante o período chuvoso elevada produção de fitomassa e satisfatório teor de nutrientes, o que a credencia como alimento alternativo para ruminantes. Dessa forma, avaliou-se o efeito da substituição de 0; 25; 50 e 75% do feno de capim-tifton 85 pelo feno de jitirana (FJ sobre o consumo e digestibilidade em dietas para ovinos, distribuídos em delineamento de quadrado latino 4 x 4 duplo, com oito ovinos. O consumo de matéria seca (CMS e nutrientes foram influenciados (P<0,05 pela inclusão do FJ à dieta, com exceção do consumo fibra em detergente neutro (CFDN em g por animal por dia, com média 682,76 ± 125,13. O CMS elevou-se linearmente (P<0,05 em 6,33 g por unidade percentual do FJ acrescido. Houve efeito linear positivo (P<0,05 para consumo de proteína bruta (CPB e CFDN, com elevação de 1,11 g por animal por dia e 0,02% do peso corporal, respectivamente, por unidade percentual de FJ incluso. Houve efeito positivo na digestibilidade da fibra em detergente neutro (DFDN que resultou em elevação linear (P<0,05 de 0,14%. O FJ em substituição ao feno de capim-tifton 85 eleva o consumo de matéria seca (MS e nutrientes, mas não influencia a digestibilidade destes, a exceção da DFDN, com recomendação de uso para 75% de substituição, por permitir atendimento às exigências nutricionais quanto à ingestão de MS, proteína bruta (PB, e elevar a DFDN.Intake and digestibility of diets containing jitirana hay for finishing sheepAbstract: Jitirana is found in semiarid region of brazilian northeastern, giving high biomass production and satisfactory nutrient content during the rain season that qualifies as alternative feed for ruminants. Thus, it was evaluated the substitution effect of 0; 25; 50 and 75% of tifton 85 hay to jitirana hay (JH on intake and digestibility of diets for sheep, randomized in double 4 x 4 latin square design

  17. Antisocial behavior and alcohol consumption by school adolescents Conducta antisocial y consumo de alcohol en adolescentes escolares Conduta anti-social e consumo de álcool em adolescentes escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Selene López García

    2008-04-01

    Full Text Available Adolescence is a vulnerable period and facilitates the start of risk behaviors, for instance the use of drugs. This study aims to describe the differences between antisocial behavior and alcohol consumption according to gender, age and education; as well as to discover the relation between antisocial behavior and alcohol consumption in 1,221 school adolescents from Monterrey - Nuevo Leon, Mexico. The findings reveal differences in antisocial behavior according to gender. Evidences showed that 41.3% of the students had consumed alcohol at sometime in their lives, and that differences exist in alcohol consumption according to age and education. Finally, the study found positive and significant relations between antisocial behavior and alcohol consumption (r s = .272, p La adolescencia se convierte en una etapa de vulnerabilidad y facilitador para el inicio de conductas de riesgo como es el consumo de drogas. Los objetivos del presente estudio fueron: describir las diferencias de la conducta antisocial y consumo de alcohol según sexo, edad y escolaridad; conocer la relación existente de la conducta antisocial con el consumo de alcohol en 1221 adolescentes escolares de Monterrey, Nuevo Léon, México, en relación a los hallazgos encontrados se presentan diferencias de la conducta antisocial por sexo; se destaca que 41.3% de los estudiantes consumieron alcohol alguna vez en su vida, y existen diferencias de consumo de alcohol por edad y escolaridad. Finalmente se encontró relación positiva y significativa de la conducta antisocial con el consumo de alcohol (r s=.272, pA adolescência se apresenta como uma etapa de vulnerabilidade e facilitadora para o início de condutas de risco como o consumo de drogas. Os objetivos do presente estudo foram: descrever as diferenças entre sexo, idade e escolaridade na conduta anti-social e o consumo de álcool e conhecer a relação existente entre a conduta anti-social e o consumo de álcool em 1221

  18. Efeito da utilização de complemento alimentar em idosos atendidos em um ambulatório na cidade de São Paulo

    OpenAIRE

    Borrego, Carolina de Campos Horvat; Cantaria, Juliana dos Santos

    2013-01-01

    OBJETIVO: Verificar o efeito da utilização de complemento alimentar na população idosa atendida pelo setor de nutrição de um ambulatório na cidade de São Paulo, por meio da evolução do peso e do Índice de Massa Corpórea (IMC) desses pacientes. MÉTODOS: A amostra foi composta de idosos com 60 anos ou mais, de ambos os sexos, que fazem uso de complemento alimentar prescrito pelas nutricionistas do setor. As variáveis estudadas foram: gênero, idade, peso, estatura, IMC, patologias mais frequente...

  19. Consumo abusivo de álcool em mulheres Consumo excesivo de alcohol entre las mujeres Heavy alcohol consumption among women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciele Cadahaiane de Oliveira

    2012-06-01

    Full Text Available Este estudo descritivo, exploratório, objetivou caracterizar as mulheres atendidas em um Hospital de Ensino do Noroeste do Paraná, por abuso de álcool, nos anos de 1999 a 2008, segundo variáveis sociodemográficas e dados da intoxicação. Dos 823 atendimentos, a faixa etária mais frequente foi dos 20 aos 49 anos (58,32%. 13 (1,58% mulheres estavam grávidas; 12,5% apresentavam de 9 a 12 anos de estudo. Os destilados foram a principal bebida utilizada, e a ingestão foi mais prevalente no período noturno. Cerca de 156 (18,96% mulheres necessitaram de internamento hospitalar. Evasão hospitalar foi observada em 8,5% dos casos. Conclui-se que a população feminina representa um subgrupo da população suscetível ao abuso do álcool, e, com o perfil descrito neste estudo, foi possível descrever as áreas de impacto na saúde da mulher, possibilitando a implementação de medidas preventivas para diminuir a ocorrência, as complicações e a reincidência nessa população.Este estudio descriptivo, exploratorio tiene por objetivo caracterizar las mujeres que acuden a Hospital Universitario de Paraná en el Noroeste, por abuso de alcohol en los años de 1999 a 2008, según los datos sociodemográficos de la intoxicación y se asocia con trauma y violencia. De los 823 atendimentos la faja de edad más frecuente fue de los 20 a los 49 años (58,32%. 13 (1,58% mujeres estaban embarazadas; 12,5% presentaban de 9 a 12 años de escolaridad.. fonéticamente Los destilados fueron la bebida principal y más prevalente en la noche. Cerca de 156 (18,96% mujeres requirieron hospitalización. La evasión hospitalaria se observó en el 8,5% de los casos. Se concluye que la población femenina representa un subgrupo de la población susceptible al abuso del alcohol y, con el perfil descrito en este estudio, fue posible describir las áreas de impacto en la salud de la mujer, posibilitando la implementación de medidas preventivas para disminuir el

  20. Consumo de frutas, verduras e legumes por gestantes adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônia Caroline Diniz Brito

    2016-11-01

    Full Text Available Objetivo: Determinar o estado nutricional e os fatores associados ao consumo alimentar de frutas, verduras e legumes por gestantes adolescentes atendidas em um serviço público de referência para assistência pré-natal. Métodos: Estudo transversal e analítico, com 73 gestantes adolescentes de 10 a 19 anos, atendidas no Núcleo de Assistência ao Adolescente (NASA do Hospital Materno Infantil, em São Luís, Maranhão. Utilizou-se o Questionário de Frequência de Consumo Alimentar (QFCA, medidas antropométricas (peso, altura, índice de massa corporal - IMC - pré-gravídico e gravídico e questionário socioeconômico. As variáveis dependentes foram o consumo de frutas, verduras e legumes, e as independentes foram escolaridade, estado civil, raça, renda, situação demográfica, dados gestacionais e antropométricos. Resultados: Observou-se que 39,7% apresentaram IMC pré-gestacional de desnutrição, 50,7% de eutrofia, e menos de 10% sobrepeso ou obesidade. Para o IMC gestacional, os valores se alteraram, com 27,4% das gestantes desnutridas, 57,5% eutróficas e 15,1% com sobrepeso. Observou-se que os maiores percentuais de adequação para o consumo de frutas, verduras e legumes foram em adolescentes casadas ou em união estável (65,4%, que não trabalhavam (92,3% e com renda familiar menor que 1 salário mínimo (84,62%. Entretanto, a única associação positiva encontrada com o consumo de frutas, verduras e legumes foi o início do pré-natal. Conclusão: A maior parte das gestantes avaliadas apresentou-se eutrófica, apesar de cerca de um quarto apresentar baixo peso durante a gestação. Além disso, elas não consumiam uma dieta balanceada, com uma ingestão abaixo do recomendado de FVL. Entre os fatores relacionados a um melhor consumo de FVL destaca-se o início do acompanhamento pré-natal no primeiro trimestre.

  1. Influência do consumo alimentar e do padrão de atividade física sobre o estado nutricional de adolescentes de Piedade, São Paulo Influence of food intake and physical activity patterns on the nutritional status of adolescents from Piedade, São Paulo, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Cristina Enes

    2009-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores dietéticos e de atividade física associados ao estado nutricional de adolescentes escolares. MÉTODOS: Estudo transversal com 105 adolescentes de ambos os sexos, idade de 10 a 14 anos, matriculados em escolas públicas de Piedade (SP. Foram coletadas informações sobre consumo alimentar (recordatório 24 horas, padrão de atividade física (atividades físicas e sedentárias e estado nutricional avaliado pelo índice de massa corporal. Consideraram-se insuficientemente ativos os adolescentes que praticavam menos de 300 minutos/semana de atividade física. Foram classificados como sedentários aqueles que dedicavam período de tempo igual ou superior a duas horas por dia a atividades passivas. Para identificar os fatores associados ao estado nutricional, recorreu-se à regressão linear múltipla. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso foi maior entre os meninos (17,9 versus 13,6%, pOBJECTIVE: To identify dietary and physical activity factors associated to the nutritional status of adolescent students. METHODS: Cross-sectional study of 105 adolescents of both genders, aged 10 to 14 years, studying at public schools in Piedade, São Paulo, Brazil. Data regarding food intake (24 hour recall, physical activity patterns (physical and sedentary activities and nutritional status measured by body mass index were collected. The adolescents were characterized as insufficiently active if physical activities were practiced for less than 300 minutes per week. They were considered sedentary if they spent two hours or more per day in passive activities. Multiple linear regression was performed to identify factors associated to the nutritional status. RESULTS: The prevalence of overweight was higher among boys (17.9 versus 13.6%, p<0.05 and 18.0% of the adolescents were considered insufficiently active. There was no association between dietary and nutritional status variables. A significant difference was observed only

  2. Conhecimento dos cirurgiões dentistas sobre manifestações orais em pacientes portadores de transtornos alimentares

    OpenAIRE

    Nathalia Luersen Maciel; Larissa Cunha Cé

    2017-01-01

    Os transtornos alimentares podem repercutir nos dentes e nos tecidos bucais. O tratamento destes transtornos demanda de uma abordagem interdisciplinar e o cirurgião-dentista representa um importante papel na equipe multiprofissional. O objetivo deste estudo foi verificar e analisar o conhecimento dos cirurgiões-dentistas a respeito da Anorexia Nervosa e Bulimia Nervosa e suas manifestações orais. A pesquisa, de natureza quantitativa transversal, foi realizada através da aplicação de questioná...

  3. Alteração no comportamento alimentar de trabalhadores de turnos de um frigorífico do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisângela da Silva de Freitas

    2015-08-01

    Full Text Available ResumoInvestigou-se a relação entre trabalho em turnos e o comportamento alimentar dos trabalhadores de um frigorífico do sul do Brasil. Estudo transversal com 1.206 trabalhadores, entre 18 e 50 anos, de ambos os sexos. Um questionário padronizado foi utilizado para as informações demográficas, socioeconômicas, turno de trabalho e hábitos alimentares. O turno de trabalho foi categorizado em diurno e noturno, com base nos horários de início e fim do turno. O comportamento alimentar dos trabalhadores foi avaliado da seguinte forma: número e tipo de refeições realizadas nas 24 horas de um dia habitual, inadequação dos horários dessas refeições e escore alimentar de risco. Este foi construído com base na classificação de risco do consumo semanal de 13 itens alimentares. Após o ajuste para possíveis fatores de confusão, os trabalhadores do sexo masculino, de cor de pele não branca e mais jovens tiveram maior probabilidade de apresentar comportamento alimentar de risco. Trabalhadores noturnos realizavam maior número de refeições/dia e apresentaram maior inadequação nos horários das refeições do que os diurnos. O turno de trabalho noturno pode influenciar negativamente no comportamento alimentar de trabalhadores desse período.

  4. Consumo alimentar e anticonsumismo: veganos e freeganos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Abonizio

    2013-01-01

    Full Text Available This article analyzes veganism and freeganism as life styles made possible provided by consumer society. Considering consumption as a dynamic system of world classification, I notice that such movements, by proposing an “anti-consumerist consumption”, act as a counterculture in relation to the society that enabled their emergence.

  5. Faça o que Eu Digo, Não Faça o que Eu Faço: A Relação entre Adultos na Socialização Infantil no Consumo Alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Fernanda da Fonseca Massyliouk

    2016-12-01

    Full Text Available A relação entre pais e filhos no processo de socialização da criança foi foco de diversos estudos sobre estilos parentais e padrões de comunicação. No entanto, ainda que se saiba que o processo de socialização varia de família para família, ainda há espaço para maior aprofundamento na reflexão sobre negociações entre adultos que estão à frente das diretrizes de transmissão. Neste trabalho, buscou-se verificar de que forma as relações entre adultos, responsáveis (pai, mãe e avó pela criança, criam uma dinâmica específica de transmissão, que modula e particulariza o processo de socialização infantil. Esse objetivo torna-se particularmente complexo se o posicionamos no panorama contemporâneo, de onde emerge grande diversidade de arranjos familiares, reduzindo o protagonismo da dupla mãe-pai. Considerou-se o contexto específico do consumo de alimentos, utilizando a marca Coca-Cola como recurso de mercado para materializar as dinâmicas parentais. O estudo foi de natureza qualitativa, conduzido por meio de entrevistas em profundidade com sete famílias, totalizando doze entrevistados, onde foram entrevistados os responsáveis pela criança. Os achados da pesquisa mostram que a relação entre adultos gera padrões específicos de mediação parental, dentro do processo de socialização. Propõe-se uma tipologia de dinâmicas de mediação parental: cooperação harmoniosa, conflito, centralidade de poder e cooperação  difusa. A marca Coca-Cola encontrou funções e padrões de consumo particulares em cada contexto de mediação. 

  6. Subjetivação e consumo em sites de relacionamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta de Araújo Pinheiro

    2009-09-01

    Full Text Available Resumo Construção de perfis, customização das páginas pessoais, compartilhamento de bens culturais nas redes sociais na internet vêm transformando as relações entre subjetivação, cultura e consumo. A progressiva liberação da associação do consumo às categorias de classe social, estilos de vida e atualização do self permite aproximá-lo do conceito de governabilidade. Como estudo de caso, o site de relacionamentos Myspace.com. Palavras-chave: Sites de relacionamentos; consumo; Myspace.com. Resumen La construcción de perfiles, la adaptación de las páginas personales, y el compartimiento de bienes culturales en las redes sociales de Internet están transformando las relaciones entre subjetivación, cultura y consumo. La liberación progresiva de la asociación del consumo a las categorías de clases sociales, estilos de vida y auto-actualización permite aproximarlo al concepto de gobernabilidad. Se utiliza la red Myspace. com como estudio de caso. Palabras-clave: Red social; consumo; Myspace.com. Abstract Profiles construction, personal web pages customization and the sharing of cultural products over internet social network are changing the relations between subjectivation, culture and consumption. The continuous liberation of the association of consumption to the categories of social classes, lifestyles and self-actualization allows us to consider the self closer to the concept of governmentality. The network MySpace.com is taken as a case study. Keywords: Social networks; consumption; MySpace.com.

  7. Significado cultural dos bens de consumo em um concurso de beleza infantil

    OpenAIRE

    Netto, Carla Freitas Silveira

    2010-01-01

    A presente dissertação tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre o significado cultural dos bens de consumo, tendo como objeto o fenômeno dos concursos de beleza infantil e suas candidatas. Primeiramente, descrevo os concursos de beleza (adulto e infantil) expondo as principais discussões já geradas sobre o assunto, a fim de apresentar o contexto da pesquisa. Depois, realizo uma revisão teórica da temática dos significados culturais dos bens de consumo, do modelo de movimentação destes s...

  8. Comportamento consumidor, hábitos alimentares e consumo de televisão por escolares de Florianópolis Consumer behavior, eating habits and television viewing in students from Florianópolis, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Medeiros Rataichesck Fiates

    2008-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar o comportamento consumidor de escolares em relação aos seus hábitos alimentares e a influência da televisão. MÉTODOS: Trata-se de estudo piloto com 57 escolares com idades entre 7 e 10 anos, do ensino fundamental de uma escola particular localizada em Florianópolis (SC. Foi utilizado um questionário, desenvolvido especialmente para a pesquisa, e realizada avaliação antropométrica. Os dados foram analisados utilizando testes de associação (teste Qui-quadrado de Pearson - c2 e análise de variância. As diferenças foram consideradas significantes quando pOBJECTIVE: To identify the consumer behavior of a small sample of students (pilot study, regarding their eating habits and influence of television. METHODS: This is a pilot study with 57 students aging from 7 to 10 years attending the elementary grades of a private school located in Florianópolis (SC. A questionnaire developed specifically for this research was used and anthropometric assessment was done. The data were analyzed using association tests (Pearson´s chi-square test -c2 and analysis of variance. The differences were considered significant when p<0.05. RESULTS: All students had television sets at home; 75.0% in their own bedrooms. Most of them snacked while watching television (98.0% or ate their meals with the television on (89.5%. Weekly intakes of fruit and vegetables were way below the ideal quantities proposed by the food pyramid. Students classified as frequent viewers (4 or more times a day ate fewer vegetables than did the moderate ones. Anthropometric evaluation indicated that 23.6% were overweight/obese and 9.1% presented central adiposity. CONCLUSION: Results suggest that strategies must be employed, such as parent's counseling and development of school programs, in order to prevent possible health problems in the studied population.

  9. Equipamento para medição do consumo de combustível em experimentos agrícolas

    OpenAIRE

    Gonzalez Maziero,José Valdemar; Corrêa,Ila Maria; Yanai,Kiyoshi; Menezes,João Floriano de

    1992-01-01

    É descrito e aferido (em condições de laboratório) um equipamento para medição de consumo de combustível para uso em experimentos com máquinas agrícolas. O medidor, construído com tubos-reservatórios de PVC, tubo de vidro graduado, tanque plástico de combustível e eletroválvulas (12 VCC), é ligado ao sistema de alimentação do trator com mangueiras de plástico de baixa pressão, controlando-se o fluxo de combustível mediante uma chave elétrica liga/desliga. Faz parte do conjunto um medidor de t...

  10. Análise nutricional e complementação alimentar de cesta básica derivada do consumo Nutritional analysis and complementation of a food basket derived of the consumption

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio A. J. Barretto

    1998-02-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A "cesta básica Dieese e Procon", originada de uma Pesquisa de Padrão de Vida e Emprego no Município de São Paulo, tem sido empregada como parâmetro para o acompanhamento de preços. Seria desejável que um instrumento econômico, utilizado com esta finalidade, correspondesse também a uma nutrição efetivamente saudável. Assim, foram analisados os níveis de adequação dos itens alimentares da cesta básica em relação às necessidades nutricionais de uma família-referência paulistana, e propostas técnicas de complementação dietética para sanar possíveis deficiências ou desbalanceamento. METODOLOGIA: Utilizou-se o Censo Demográfico do IBGE, de 1991, para se determinar a família-referência; adotaram-se dois terços das "Recommended Dietary Allowances" como parâmetro de necessidades nutricionais; e utilizou-se das tabelas de composição centesimal para verificação do aporte de nutrientes da cesta básica. Efetuou-se a complementação alimentar por meio de três diferentes métodos: Ad Hoc (proposta direta e fixa, Programação Linear (proposta via computador e sazonal, com ênfase na minimização de custos, Híbrido (uma combinação dos dois anteriores. RESULTADOS: Foram encontrados valores insuficientes para as vitaminas A, C, B2 e B6 e para os minerais Ca, Mg, Fe, Zn, I e Se; o percentual de lipídios no total calórico mostrou-se elevado. Entre as técnicas de complementação, o método Híbrido pareceu assimilar, mais eficientemente, os baixos custos e os hábitos dietéticos. DISCUSSÃO: Inferiu-se uma eventual correspondência entre os problemas nutricionais detectados na relação de itens da cesta básica e a chamada transição alimentar que se processa nos países em desenvolvimento. Não parece aconselhável que os riscos epidemiológicos associados a essa alteração nos padrões dietéticos sejam incorporados num instrumento econômico que tenha por finalidade mensurar os preços de uma

  11. Critérios diagnósticos para os transtornos alimentares: conceitos em evolução Diagnostic criteria for eating disorders: evolving concepts

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica de Medeiros Claudino

    2002-12-01

    Full Text Available O presente artigo apresenta o "estado de arte" da discussão acerca dos critérios diagnósticos atuais dos transtornos alimentares: Anorexia Nervosa (AN, Bulimia Nervosa (BN e Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica (TCAP. Dentre os aspectos controversos da AN, destacam-se: a concepção da distorção de imagem corporal, a necessidade da presença de amenorréia para o diagnóstico e a possibilidade de manifestação de AN sem seu aspecto característico, o medo de engordar, em culturas não ocidentalizadas. Quanto à BN, discute-se especialmente a concepção de compulsão alimentar sua freqüência e duração necessárias para o diagnóstico. O artigo apresenta também os critérios sugeridos para o diagnóstico de TCAP e comenta sua difícil distinção com a BN não purgativa. As questões aqui discutidas possibilitarão o aprimoramento da nosologia da área.This article presents the "the state of art" of the discussion over the current diagnostic criteria for eating disorders: Anorexia Nervosa (AN, Bulimia Nervosa (BN and Binge-Eating Disorder (BED. Within the controversial aspects of AN, it is outlined: the conception of body image disturbance, the necessity of amenorrhea fpr the diagnosis and the possibility of AN without its characteristic aspect, the morbid fear of weight, in not Westernized cultures. For BN, it is specially discussed the conception of binge-eating and the frequency and duration of episodes necessary for the diagnosis. The article also presents the suggested criteria for BED diagnosis and comments on its difficult distinction from non-purging BN . The issues here discussed shall improve the nosology in the field.

  12. The use of a manual-driven group cognitive behavior therapy in a Brazilian sample of obese individuals with binge-eating disorder Utilização de terapia cognitivo-comportamental em grupo baseada em manual em uma amostra brasileira de indivíduos obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Duchesne

    2007-03-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To assess the effectiveness of a manual-based cognitive behavior therapy adapted to a group format in a sample of Brazilian obese subjects with binge-eating disorder. METHOD: In an open trial, 21 obese subjects with binge-eating disorder received a group cognitive-behavioral therapy program. Changes in binge-eating frequency, weight, body shape concerns, and depressive symptoms were compared between baseline and the end of the study. RESULTS: The mean frequency of binge-eating episodes significantly decreased from baseline to post-treatment (p OBJETIVO: Avaliar a efetividade da terapia cognitivo-comportamental baseada em um manual adaptado para o formato de grupo em uma amostra brasileira de obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica. MÉTODO: Em um estudo aberto, 21 pacientes obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica participaram de um programa da terapia cognitivo-comportamental em grupo. A freqüência da compulsão alimentar, o peso corporal, o grau de satisfação com a forma corporal e os sintomas depressivos foram avaliados no início do tratamento e no final do estudo. RESULTADOS: Houve uma redução estatisticamente significativa da freqüência média de episódios de compulsão alimentar entre a linha de base e o final do tratamento (p < 0,001, com uma taxa de remissão de episódios no final do estudo de 76,1%. Foi observada, também, uma redução significativa dos sintomas depressivos e da insatisfação com a forma corporal (p < 0,001. Adicionalmente, a perda de peso foi clínica e estatisticamente significativa. CONCLUSÃO: A utilização de terapia cognitivo-comportamental baseada em um manual adaptado para o transtorno da compulsão alimentar periódica resultou em melhora significativa da compulsão alimentar, do peso corporal, da preocupação com a forma corporal e dos sintomas depressivos associados ao transtorno da compulsão alimentar periódica nessa amostra.

  13. Consumo de medicamentos por idosos segundo prescrição médica em Jaú-SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. C. Marques

    2009-01-01

    Full Text Available

    Realizou-se este trabalho com o objetivo de conhecer as interações medicamentosas mais freqüentemente ocorridas no consumo de medicamentos por prescrição médica entre os idosos atendidos na rede municipal de saúde de Jaú-SP. Sabe-se que são os idosos que convivem mais freqüentemente com problemas crônicos de saúde, o que os leva a uma maior utilização de serviços de saúde e a um elevado consumo de medicamentos. Na presença de doenças concomitantes e na conseqüente prática da politerapia, aumenta a probabilidade de ocorrência de reações adversas e interações medicamentosas. A população estudada foi de 148 idosos com 65 anos ou mais, que compareceram à farmácia do Núcleo de Gestão Assistencial (NGA-25 da cidade de Jaú, no período de agosto a dezembro de 2004. Os dados foram coletados através da prescrição médica e as variáveis estudadas foram o sexo e a idade. Quanto aos medicamentos foram classificados, segundo a classe farmacológica e as interações medicamentosas.Como resultados observouse que consumo de medicamentos segundo o sexo foi de 3,8 medicamentos entre as mulheres e 3,9 entre os homens. Quanto a idade, o maior consumo foi no grupo de 75 a 84 anos, com 4,2 medicamentos. As classes terapêuticas mais prescritas, em ordem decrescente de ocorrência, foram: anti-hipertensivos, 25,0%, cardioterápicos, 15,5%, diuréticos, e antidiabéticos, 10,7%. Concluiu-se que as classes terapêuticas mais envolvidas com interações foram os cardioterápicos, diuréticos e antihipertensivos. Os princípios ativos mais problemáticos foram digoxina, amiodarona, furosemida, captopril, propranolol e nifedipina. Palavras-chave: Consumo medicamento, prescrição medicamento, idosos, interações medicamentos.

  14. Consumo de água e energia em canteiros de obra: um estudo de caso do diagnóstico a ações visando à sustentabilidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristian Teixeira Marques

    Full Text Available Resumo No contexto do desenvolvimento sustentável, a indústria da construção civil enfrenta desafios, entre eles a busca por maiores níveis de qualidade e eficiência em seus processos produtivos e no consumo dos recursos naturais. Este artigo tem o objetivo de apresentar uma análise do consumo de energia e de água durante a fase construtiva das edificações, demonstrando medidas que podem ser adotadas no processo de produção a fim de reduzir o consumo dos referidos insumos e melhorar o desempenho dos processos em uma construtora. A pesquisa foi realizada em seis obras de uma construtora na cidade de Passo Fundo, RS, mediante o monitoramento dos consumos mensais ao longo de 5 anos. Como resultados são propostas ações econômicas, tecnológicas e sociais para melhorias nesses indicadores. Os resultados demonstram que são necessários o monitoramento e a gestão contínua do consumo de água e energia dentro dos canteiros de obra. Entre as ações sugeridas destaca-se o comprometimento da direção da empresa com a eficiência no uso dos recursos na obra.

  15. Determinantes de hábitos alimentares em crianças de 0 a 4 anos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mari Saho

    1990-12-01

    Full Text Available Este trabalho tem como objetivo principal o estudo dos fatores que influenciam no hábito alimentar das crianças de 0 a 4 anos de idade, nas diversas frações de classes comparando-se com o estado nutricional das mesmas. Com base nos dados obtidos através da aplicação dos questionários e das entrevistas dirigidas às pessoas responsáveis pela alimentação da criança, foi possível efetuar algumas análises estatísticas e a interpretação dos discursos apresentados pelos informantes.

  16. Deterrência alimentar em Ascia monuste orseis Godart (Lepidoptera: Pieridae induzida por soluções homeopáticas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilbe Carla Mapeli

    2015-04-01

    Full Text Available A couve, Brassica oleracea var. acephala, destaca-se entre as plantas hortícolas como sendo frequentemente atacada por pragas, dentre as quais o curuquerê da couve, Ascia monuste orseis (Godart, 1819 (Lepidoptera: Pieridae. O controle desse inseto tem sido feito com inseticidas. Na agricultura orgânica, o uso dos referidos produtos é proibido e já existem alguns casos em que agricultores estão substituindo-o, por outras alternativas menos danosas ao meio ambiente, como as soluções homeopáticas, substâncias apontadas como ferramentas para Agroecologia. Este trabalho teve por objetivo verificar se soluções homeopáticas proporcionam mecanismos de antibiose, como deterrência alimentar, em Ascia monuste orseis, em couve 'manteiga cv. Santo Antônio' e se podem ser utilizadas no controle de pragas. As soluções testadas foram: - Sulphur 12CH; Phosphorus 5CH; Magnesia carbonica 30CH; Ruta 5CH. A testemunha foi água destilada + álcool de cereais 70% 5CH. Para o preparo de cada solução, foram retirados 0,2 ml de cada preparado homeopático, adicionados a 200 ml de água destilada pulverizados nas folhas e nos solo dos vasos. As características analisadas foram peso de lagartas no início e no final do 4° instar; peso seco de pupa (biomassa incorporada, comprimento de lagarta no 4° instar, duração do ciclo ovo-adulto, percentagem de emergência de adultos, comprimento alar, fecundidade das fêmeas e valor nutritivo das couves tratadas. Sulphur 12CH pode ser recomendado como método alternativo eficiente no controle de A. monuste orseis. Todas as soluções homeopáticas, com exceção do Phosphorus 5CH, promoveram deterrência alimentar, mecanismo de antibiose, interferindo no ciclo biológico de A. monuste orseis.

  17. Interdisciplinary lifestyle therapy improves binge eating symptoms and body image dissatisfaction in Brazilian obese adults Terapia interdisciplinar de mudança do estilo de vida melhora sintomas de compulsão alimentar e insatisfação com a imagem corporal em adultos obesos brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joana Pereira de Carvalho-Ferreira

    2012-01-01

    de mudança do estilo de vida sobre sintomas de compulsão alimentar, depressão, ansiedade, insatisfação com a imagem corporal e qualidade de vida em adultos obesos. MÉTODOS: Um total de 49 adultos obesos (índice de massa corporal = 37.35±5.82 kg/m²; idade = 44.14±10.00 anos participaram de um programa de redução de peso por 6 meses. Sintomas de compulsão alimentar, insatisfação com a imagem corporal, depressão, ansiedade e qualidade de vida foram avaliados por meio de questionários autoaplicáveis. O consumo alimentar foi avaliado utilizando-se um registro alimentar de 3 dias. Os dados foram analisados utilizando análise de variância (ANOVA. RESULTADOS: Os resultados da ANOVA mostraram uma redução nos sintomas de compulsão alimentar e na insatisfação com a imagem corporal. Os sintomas de depressão e ansiedade também diminuíram, e foi observado um aumento nos escores de qualidade de vida. Após a terapia, foi verificada melhora significativa no perfil nutricional, assim como significativa redução de peso. Foi observada uma correlação positiva entre a variação dos sintomas de ansiedade e o consumo de lipídios. Sintomas de compulsão alimentar apresentaram associação com sintomas de ansiedade e insatisfação com a imagem corporal, e a insatisfação com a imagem corporal se correlacionou positivamente com os sintomas de ansiedade nos homens. Nas mulheres, foi observada uma correlação positiva entre sintomas de depressão e de compulsão alimentar. CONCLUSÃO: A terapia interdisciplinar foi eficaz na promoção de mudanças físicas e psicológicas e proporcionou uma melhor qualidade de vida em adultos obesos.

  18. Consumo e digestibilidade aparente em bezerros da raça holandesa alimentados com dietas contendo diferentes níveis de volumoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Dias Signoretti

    1999-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de volumoso nas dietas sobre os consumos e as digestibilidades aparentes de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, proteína bruta (PB, extrato etéreo (EE, fibra em detergente neutro (FDN, carboidratos totais (CHOT e energia bruta (EB e sobre os consumos de nutrientes digestíveis totais (NDT. Trinta e cinco bezerros da raça Holandesa puros por cruzamento, não-castrados, com idade média de 60 dias e peso vivo inicial de 78 kg, foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com nove repetições por dieta, exceto para a dieta com 10% de volumoso, com oito repetições. Os animais foram alimentados à vontade com dietas contendo níveis de 10, 25, 40 e 55% de volumoso, na base da MS, usando-se feno de capim coast-cross (Cynodon dactylon, fubá de milho e farelo de soja, os quais constituíram dietas com aproximadamente 16% de PB. O óxido crômico foi usado para obtenção das estimativas dos fluxos de MS fecal. Os carboidratos totais foram obtidos por 100 - (%PB + %EE + %Cinzas. O consumo de NDT foi obtido por (cPB - PBf + 2,25 (cEE - EEf + (cCHOT - CHOTf, em que c significa consumo e f, excreção fecal. Não houve efeito dos níveis de volumoso nas dietas sobre os consumos de MS e MO (kg/dia, % PV e g/kg0,75 e de PB e CHOT (kg/dia e % PV. O consumo de FDN (kg/dia, %PV e g/kg0,75 aumentou, enquanto o consumo de EE e NDT (em kg/dia e %PV reduziu linearmente em função dos níveis de volumoso na dieta. Houve efeito linear decrescente sobre as digestibilidades aparentes de MS, MO, PB, EE, CHOT e EB, em função do aumento dos níveis de volumoso nas dietas, enquanto a digestibilidade aparente da FDN não foi influenciada. Os consumos de EE, FDN e NDT e as digestibilidades aparentes de MS, MO, EE, PB, CHOT e EB foram influenciados pelos níveis de volumoso nas dietas.

  19. Avaliação de um programa para promoção de hábitos alimentares saudáveis em escolares de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil Evaluation of a program to promote healthy eating habits among schoolchildren in the city of Florianópolis, State of Santa Catarina, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristine Garcia Gabriel

    2008-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os resultados de um programa de intervenção nutricional visando à promoção de hábitos alimentares saudáveis em escolares do ensino fundamental. MÉTODOS: estudo de intervenção não controlado desenvolvido com 162 escolares de terceira e quarta séries de duas instituições de ensino (pública e privada, em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. O programa de educação nutricional de curta duração foi distribuído em sete encontros. Aplicou-se um questionário de consumo alimentar e aferiu-se peso e estatura antes e um mês após o término da intervenção. RESULTADOS embora não tenham sido detectadas mudanças no perfil nutricional dos escolares, percebeu-se na escola privada redução significativa nos percentuais de bolachas recheadas trazidas de casa pelos meninos e na escola pública aumentou significativamente o consumo da merenda escolar e aceitação por frutas. CONCLUSÕES: após a intervenção, verificou-se aumento da freqüência de algumas atitudes e práticas alimentares mais saudáveis. O tempo entre a conclusão do programa e a realização do segundo exame antropométrico pode não ter sido suficiente para provocar mudanças no índice de massa corporal. Essa experiência pode ser aplicada em outras instituições e, para sua maior efetividade, deve contar com a participação da comunidade escolar (especialmente pais e professores.OBJECTIVES: to describe the results of a nutrition intervention program aiming to promote healthy eating habits among schoolchildren. METHODS: an uncontrolled intervention study was conducted covering 162 schoolchildren from the 3rd and 4th grades of two educational institutions (public and private in the city of Florianópolis, Santa Catarina, Brazil. A short-term nutritional education program was run over the course of seven weekly meetings. An eating habits questionnaire was applied. Weight and height data were taken before and one month after the intervention

  20. Consumo abusivo de álcool e envolvimento em acidentes de trânsito na população brasileira, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giseli Nogueira Damacena

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é analisar o consumo abusivo e frequente de álcool segundo características sociodemográficas e investigar o risco de maior envolvimento em acidentes de trânsito, utilizando dados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013, Brasil. Eventos investigados: consumo abusivo e frequente de álcool (ingestão semanal igual ou superior de 8 doses para mulheres e 15 para homens por semana e envolvimento em acidente de trânsito com lesões corporais nos últimos 12 meses. Os dois eventos foram investigados segundo características sociodemográficas e a associação entre eles verificada por meio de regressão logística multivariada. A prevalência do consumo abusivo e frequente de álcool foi 6,1% para a população de 18 anos ou mais, sendo 8,9% entre os homens e 3,6% entre as mulheres. A prevalência de envolvimento em acidente de trânsito foi 3,1% na população geral e 6,1% entre os que referiram consumo abusivo e frequente de álcool. Após o controle por fatores sociodemográficos o consumo abusivo e frequente de álcool manteve associação estatisticamente significativa com o acidente de trânsito. Com o maior risco de envolvimento em acidentes de trânsito dentre os indivíduos que referiram consumo abusivo e frequente de álcool, monitorar a alcoolemia dos motoristas passa a ser uma possibilidade estratégica de intervenção.

  1. Hábitos alimentares e fatores de risco para aterosclerose em estudantes de Bento Gonçalves (RS Dietary habits and risk factors for atherosclerosis in students from Bento Gonçalves (state of Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hosana Maria Speranza Cimadon

    2010-08-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A doença cardiovascular aterosclerótica inicia seu processo na infância precoce e é influenciada ao longo da vida por fatores genéticos e exposição ambiental a fatores de risco potencialmente modificáveis. OBJETIVO: Investigar a prevalência de fatores de risco para aterosclerose com ênfase nos hábitos alimentares em uma cidade de colonização predominantemente italiana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, envolvendo 590 estudantes do ensino fundamental com idades entre 9 e 18 anos, com amostra por conglomerado. Foram coletados: dados de identificação, história familiar e história pregressa, além das informações referentes à alimentação dos estudantes. Os hábitos alimentares considerados inadequados incluíram: consumo de fast food, guloseimas, bebidas açucaradas e gorduras de origem animal por quatro ou mais vezes por semana e frutas, hortaliças e leguminosas por menos de quatro vezes por semana. RESULTADOS: A prevalência de excesso de peso entre os estudantes foi 24,6% (n=145; pressão arterial elevada, 11,1% (n=65; tabagismo passivo, 35,4% (n=208; estilo de vida sedentário, 52,3% (n=306; história familiar doenças 1º grau: hipertensão arterial sistêmica, 21,4% e obesidade, 36,5%. Alimentos consumidos por quatro ou mais vezes por semana: fast food, 70,3% (n=411; guloseimas, 42,7% (n=252; bebidas açucaradas, 71% (n=419; e gorduras de origem animal, 24,4% (n=143. Alimentos consumidos por menos de quatro vezes por semana: frutas, 36,8% (n=215; hortaliças, 49,5% (n= 292 e leguminosas, 63,7% (n=374. CONCLUSÃO: São necessárias intervenções que promovam mudanças nos hábitos alimentares dos estudantes: maior consumo de frutas, hortaliças e leguminosas e aumento do nível de atividade física.BACKGROUND: Atherosclerotic cardiovascular disease begins its process in early childhood and is influenced throughout life by genetic factors and environmental exposure to potentially modifiable

  2. Factors associated with stages of change for red meat and vegetable intake by Japanese-Brazilians Fatores associados aos estágios de mudança para o consumo de carnes vermelhas, verduras e legumes em nipo-brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Barbieri

    2009-07-01

    Full Text Available Stages of change assess individual motivation for lifestyle changes, contributing to the development of more effective intervention strategies. The objective of the present study was to identify factors associated with stages of change for lower intake of red meat and higher intake of vegetables in a cross-sectional analysis of 578 Japanese-Brazilians aged 30-90 years. In adjusted logistic regression models, the odds ratios for women (OR = 1.89; 95%CI: 1.154; 3.103 and physically active individuals (OR = 1.00; 95%CI: 1.000; 1.001 were positively associated with stage of "action" for the higher intake of vegetables. Inverse associations were observed between central obesity (OR = 0.5; 95%CI: 0.351; 0.887 and highest tertile of red meat intake (OR = 0.50; 95%CI: 0.302; 0.817, as well as a positive association between age (OR = 1.04; 95%CI: 1.020; 1.070 and the stage of "action" to the lower intake of meat were verified. Motivation for Japanese-Brazilians to change their food intake was linked to lifestyle. Stage of change is an important factor in mediating food intake behavior change.Os estágios de mudança avaliam a motivação individual em alterar hábitos de vida, contribuindo para a elaboração de estratégias de intervenção mais efetivas. O objetivo do presente estudo foi identificar fatores associados aos estágios de mudança para a motivação ao menor consumo de carnes vermelhas e maior consumo de hortaliças em análise transversal conduzida entre 578 nipo-brasileiros, idades entre 30-90 anos. Em modelos de regressão logística ajustados verificou-se maior odds ratio entre participantes do sexo feminino (OR = 1,89; IC95%: 1,154; 3,103 e praticantes de atividades físicas (OR = 1,00; IC95%: 1,000; 1,001 para o estágio de "ação" para maior consumo de hortaliças. Verificou-se relação inversa entre presença de obesidade abdominal (OR = 0,56; IC95%: 0,351; 0,887, maior tercil de consumo de carnes vermelhas (OR = 0,50; IC95%: 0

  3. Influência da ingestão de biomassas de spirulina (Arthrospira sp. sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Kátia Gomes de Lima

    2003-01-01

    Full Text Available Neste trabalho verificou-se a influência do consumo de biomassas provenientes de três diferentes origens sobre o peso corporal e consumo de ração em ratos Wistar, machos e adultos. Grupos que consumiram 5% ou 10% (p/p da biomassa foram comparados com um controle. A biomassa I não promoveu diferença significativa no consumo de ração ou peso corporal dos três grupos. A biomassa II não causou diferença significativa no peso corporal, mas sim no consumo de ração. A biomassa III não causou diferença significativa no consumo de ração, nem no peso corporal, mas houve tendência de maior ganho de peso para o grupo que consumiu a ração contendo 10% de spirulina. Os resultados obtidos indicam que diferentes biomassas podem apresentar diferentes propriedades, mas não confirmam a alegação de que a spirulina pode levar a diminuição de peso ou de consumo de alimento.

  4. Merenda no dia alimentar de crianças matriculadas em Centros de Educação e Alimentação do Pré-Escolar School-lunch as part of the eating habits of children enrolled in Pre-school Education and Feeding Centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Nilda Mazzilli

    1987-08-01

    Full Text Available Estudou-se o papel da merenda no comportamento alimentar de 346 pré-escolares (PE matriculados em Centros de Educação e Alimentação do Pré-Escolar (CEAPEs de seis municípios do Estado de São Paulo, Brasil. Em entrevista domiciliar com a mãe ou responsável pela alimentação do PE, obteve-se o número e a quantidade dos alimentos ingeridos pela criança antes e após sua participação no CEAPE. Verificou-se que essa refeição escolar interfere tanto na quantidade dos alimentos consumidos quanto no número das refeições diárias feitas no lar. Os resultados mostraram que 178 (51,4% PE reduziram a ingestão alimentar de casa, mediante exclusão de refeições e/ou diminuição da quantidade de alimentos habitualmente ingerida, após receberem a merenda no CEAPE. Destas, 115 (64,6% apresentaram dieta insuficiente em energia; 48 (13,9% aumentaram a quantidade dos alimentos habituais e/ou incluíram refeições. Ainda assim, 23 (47,9% apresentaram consumo energético deficiente. Entre os 120 (34,7% que não tiveram nenhuma modificação em seu dia alimentar, 61 (51,7% mostraram ingestão calórica inadequada. Concluiu-se ser necessário orientar a família sobre o papel da merenda como suplemento alimentar e não como substituto de refeições no lar.It was studied the role of the school lunch in the dietary behaviour of the three hundred and forty-six preschool children drawn from the Preschool Education and Feeding Centre (CEAPE, in six towns of the State of S. Paulo, Brazil. In home entreviews, the mothers or persons responsible for the preschool children's diet gave the number of meals and the quantity of their food intake before and after their participation in the Program. It was noted that the school lunch as interfered in the dietary intake of children insofar as quantity of food and number of meals usually eaten at home is concerned. The results showed that one hundred and seventy-eight (51.4% preschool children decrease their

  5. Correlation of nutritional status and food intake in hemodialysis patients Correlação entre estado nutricional e ingestão alimentar em pacientes de hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvaro A. C. Morais

    2005-06-01

    nutricional com ingestão alimentar, um estudo prospectivo foi realizado com pacientes ambulatoriais. MÉTODOS: Doentes estáveis sibmetidos a hemodiálise crônica por no mínimo 3 meses (n= 44 foram investigados mediante recordatório alimentar e determinações convencionais antropométricas, bioquímicas e de bioimpedância , incluindo-se avaliação global subjetiva e também objetiva. A idade do grupo era de 47.0 ± 16.9 anos com 63.6% de homens. O índice de massa corporal situava-se em 22.2 ± 3.9 kg/m2, a ingestão calórica foi de 1471 ± 601 kcal/dia (20.7 ± 6.7 kcal/kg/dia e o consumo proteico atingiu 74.3 ± 16.6 g proteina/dia (1.2 g/kg/dia . As variáveis dietéticas e clínicas foram correlacionadas com os índices nutricionais através da análise de regressão linear. RESULTADOS: A desnutrição estimada pela avalia;áo global subjetiva foi muito comum (>90%, apesar de que o índice de massa corporal e a taxa de albumina estavam aceitáveis na maioria da população. A avaliação objetiva global evidenciou resultados numericamente parecidos, com 6,8% bem nutridos, 61,4% com risco nutricional ou desnutrição leve, 29,6% no patamar moderado e 2,3% exibindo desnutrição grave. O ganho calórico total não apresentou associações, todavia ingressos de proteina, carboidratos e lípides se correlacionaram positivamente com a prega cutânea do tríceps (P=0.02. Apenas a ingestão lipídica associou-se diretamente com a circunferência do braço, demonstrando ainda correlação com o índice de massa corporal bem como com a gordura corpórea total (bioimpedância (P<0.001. CONCLUSÕES: 1 0s teores de proteinas, lípides e carboidratos na dieta exibiram um certo número de correlações com variáveis antropométricas e de bioimpedância; 2 A ingestão lipídica foi o melhor índice nesta experiência, ultrapassando a proteina ou o ganho energético total; 3 Em que pesem algumas limitações, o recordatório alimentar foi útil na avaliação destes pacientes de

  6. ENTRE DESEJOS E POSSIBILIDADES: PRÁTICAS ALIMENTARES DE GESTANTES EM UMA COMUNIDADE URBANA NO SUL DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Frescura Junges

    2014-01-01

    Full Text Available estudio cualitativo, cuyo objetivo fue comprender las prácticas alimentarias de embarazadas que viven en una comunidad urbana al sur de Brasil. El método adoptó el abordaje de la etnoenfermería y la recolección de datos ocurrió a partir de un guión habilitador Observación-Participación-Reflexión, con cuatro embarazadas. El análisis etnográfico fue realizado en concomitancia con la recolección de datos, buscando temas que mantuvieran las interrogaciones de investigación. Los resultados permitieron revelar los significados culturales que las embarazadas atribuyeron a los saberes y a las prácticas alimentares, destacando las influencias de historia familiar y las relaciones sociales existentes en la comunidad. La percepción de los cambios corporales bajo la óptica de las embarazadas está relacionada a las elecciones alimentarias. Los profesionales enfermeros que ayuden a las embarazadas, al valorar las dimensiones del cuidado cultural, se aproximan de la familia y la comunidad, permitiendo una mejor adhesión al pre natal y promocionando acciones educativas coherentes con la cultura de estas gestantes.

  7. Padrão alimentar de lactentes residentes em áreas periféricas de Fortaleza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOARES Nadia Tavares

    2000-01-01

    Full Text Available Este estudo caracterizou o padrão alimentar de 96 crianças menores de um ano assistidas pelo Fundo Cristão para Crianças nos bairros Álvaro Weyne e Presidente Kennedy, na cidade de Fortaleza, Brasil. Os dados foram levantados por meio de entrevista domiciliar, utilizando o método recordatório 24h para conhecimento das quantidades dos alimentos consumidos, e um formulário contendo perguntas estruturadas sobre a prática do aleitamento materno e idade de introdução dos alimentos de desmame. Os resultados indicaram que o aleitamento materno misto predomina (68% sobre o aleitamento artificial (32% e exclusivo (10% e que 7% das crianças nunca receberam leite materno. Porém, até o final do décimo mês de vida, 53% das crianças ainda são amamentadas. Mingau lácteo, preparado com leite de vaca não modificado, constitui a alimentação básica de desmame. Do ponto de vista nutricional, as dietas são desbalanceadas, sendo o ferro o nutriente mais deficiente. Devem ser intensificados os esforços na promoção da alimentação infantil apropriada.

  8. Impacto da redução do teor de sódio em alimentos processados no consumo de sódio no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda de Moura Souza

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo O objetivo do presente estudo foi avaliar o potencial impacto da redução do teor de sódio em alimentos processados no consumo médio de sódio na população brasileira. Um total de 32.900 participantes do primeiro Inquérito Nacional de Alimentação (2008-2009, com 10 anos e mais de idade, que forneceram dados de dois dias de consumo foram avaliados. As metas de redução de sódio pactuadas pelo Ministério da Saúde em 2010 e 2013 foram utilizadas como referência para determinar o teor máximo de sódio em 21 grupos de alimentos processados. Os resultados indicam que as metas de redução de sódio em alimentos processados têm pequeno impacto no consumo médio de sódio na população brasileira. Em 2017, a redução média esperada é de 1,5%, ficando os valores de consumo médio de sódio ainda acima do limite máximo recomendado de 2.000mg/dia. Portanto, dificilmente será possível alcançar a redução necessária no consumo de sódio no Brasil a partir de acordos voluntários nos moldes dos que aconteceram até o momento.

  9. Efeito de um programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e os hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério The effects of a mixed program of nutritional intervention and physical exercise on body composition and feeding habits of obese climacteric women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia de Assunção Monteiro

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Foi avaliar o efeito de programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério. MÉTODOS: Trabalhou-se com 2 grupos de 15 pessoas por 40 semanas: Grupo Dieta (intervenção nutricional e Grupo Exercício (intervenção nutricional e exercício. RESULTADO: As reduções do peso (-2,3kg para Grupo Dieta e -5,3kg para o Grupo Exercício e da circunferência da cintura (-4,8cm para Grupo Dieta e -7,6cm para Grupo Exercício, foram maiores para o Grupo Exercício. Foi verificada evolução positiva na classificação do Índice de Massa Corporal para ambos os grupos, sendo que o Grupo Exercício respondeu melhor ao tratamento. O padrão alimentar foi considerado monótono e com baixo consumo de alimentos regionais. CONCLUSÃO: O programa foi efetivo para perda de peso, em maior intensidade na presença de exercício. A educação alimentar proposta foi capaz de acarretar mudanças nos hábitos alimentares.OBJECTIVE: The effects of a mixed program of nutrition intervention and physical exercise on body composition and feeding habits were evaluated in obese climacteric women. METHODS: Thirty participants were randomly assigned in 2 groups during 40 weeks: Diet Group (nutritional intervention and Exercise Group (nutritional intervention and exercise. RESULTS: Weight reductions (Diet Group 2,3kg/Exercise Group -5,3kg and waist circunference (Diet Group -4,8cm/Exercise Group 7,6cm were greater in Exercise Group. A positive evolution was noticed in the Body Mass Index in both groups, with Exercise Group having better answer to treatment. It was observed a monotonous feeding pattern and low compliance to the consumption of regional typical foods. CONCLUSION: We concluded that the program was effective for weight loss at a higher intensity in the presence of exercise and the feeding education was able to modify the feeding habits.

  10. O impacto da Publicidade televisiva no consumo infantil (O caso do McDonald´s em Portugal)

    OpenAIRE

    Rodrigues, Sara Catarina Cardoso

    2014-01-01

    Dissertação, Mestrado, Marketing, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2014 Nesta Dissertação são apresentados os resultados de uma investigação sobre o impacto que a Publicidade televisiva tem no consumo infantil de Fast Food, reportando-nos especificamente ao caso do McDonald´s em Portugal. Ou seja, pretende-se perceber efetivamente se uma variável tem influência direta sobre a outra, e se esse nível de influência é ou não relevante. Trata-se d...

  11. Consumo de suplementos proteicos e expressão da raiva em praticantes de musculação

    OpenAIRE

    Santos,João Francisco Severo; Maciel,Felippe Henrique Santana; Menegetti,Daniel

    2011-01-01

    O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre o consumo de suplementos nutricionais hiperproteicos e a expressão da raiva entre praticantes de musculação. Foram selecionados 127 praticantes de musculação que relataram consumir suplementação proteica. Os instrumentos utilizados foram o Inventário de mensuração da expressão da raiva (STAXI) e um formulário de entrevista com questões sobre ingestão de alimentos ricos em proteínas na alimentação habitual e sobre o tipo, frequência de uso ...

  12. Informação em saúde: produção, consumo e biopoder

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cléber Domingos Cunha da Silva

    2013-10-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva suscitar desconfianças ao valor atribuído à verdade médica presente na literatura biomédica. Tomou-se como exemplo a temática da proteção das práticas sexuais e recorreu-se às obras de pensadores como Nietzsche, Baudrillard, Bourdieu e, principalmente, Michel Foucault, a fim de pensarmos que a elaboração e o emprego de informações em saúde podem ser interpretados como práticas constitutivas de uma política que articula dinamicamente peritos e não peritos à verdade médica, constitutiva de uma moralidade que se apoia na produção e consumo dessa verdade. Uma política, denominada por Foucault de biopolítica, capaz de estabelecer modos de viver onde o exercício do pensamento parece não ser tão "recompensador", onde práticas de mando e de obediência a si são mediadas pela informação em saúde. Nesta perspectiva médicos e não médicos foram seduzidos pela vontade de atingir a verdade, de modo que se verifica o empenho de todos na produção e consumo de enunciados que acreditam poder prolongar a vida e salvá-la do adoecer; discursos cultivados no mercado de uma sociedade midiática, onde o controle dos indivíduos pela informação produz subjetividades que se ancoram no binômio: verdade médica-capital.

  13. Correção de medidas de associação pela variação do dia a dia no consumo alimentar: avaliação do desempenho por meio de simulação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu Verly-Jr

    Full Text Available O uso de um ou poucos recordatórios de 24 horas (R24h como medida da exposição dietética em modelos para estimar o efeito do alimento sobre um desfecho leva à atenuação da medida de associação e redução do poder do teste. Isso ocorre em função da variação dia a dia no consumo. A medida de associação pode ser corrigida por meio de calibração, e requer pelo menos uma repetição do R24 horas em uma subamostra da população de estudo. No entanto, seu desempenho e precisão dos coeficientes corrigidos podem variar de acordo com as características do estudo em que é aplicada. O objetivo deste trabalho é avaliar o desempenho da correção em diferentes cenários de pesquisa em relação à estimativa da medida de associação e sua precisão. Foi simulada população (n = 1.000 com informação sobre consumo de um alimento referente a 200 dias, e um desfecho com uma associação definida com o consumo usual (média dos 200 dias de consumo. Os cenários avaliados foram: (a 100%, 60%, 40% e 20% da amostra com 2 dias de consumo; (b indivíduos com 2, 3, 4 e 5 R24h; e (c população com 1.000, 600 e 300 indivíduos. Os coeficientes foram estimados para 300 combinações aleatórias de dias de consumo; coeficientes corrigidos médios foram semelhantes ao verdadeiro coeficiente. A precisão foi menor em todos os cenários: a probabilidade de encontrar uma associação significativa (sendo ela verdadeira variou de 0,47 a 0,29 (100% a 20% com repetição, respectivamente; 0,47 a 0,78 (2 a 5 dias; e 0,47 a 0,15 (1.000 a 300 indivíduos.

  14. ANÁLISES SOBRE MUDANÇAS NOS HÁBITOS ALIMENTARES DE CRIANÇAS MORADORAS DO ASSENTAMENTO PAQUEQUER, NOVA OLINDA DO NORTE- AM./ Analysis about changes in the food habits of children living in Paquequer Settlement, Nova Olinda do Norte - AM.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ingrid Silva de Freitas

    2017-12-01

    Full Text Available As informações apresentadas neste artigo resultam do trabalho de iniciação científica no PIB-H/0083/2015-CNPq, realizados no Projeto de Assentamento Paquequer, município de Nova Olinda do Norte – Amazonas, no ano de 2015. O assentamento pesquisado configura um modelo de assentamento tradicional, localizado em ecossistema amazônico de terra firme distante 13 km da sede do município. Participaram da pesquisa, crianças moradoras do assentamento, matriculadas no Ensino Fundamental II da Escola Municipal Paquequer. O objetivo da pesquisa buscou analisar como se apresentava o consumo alimentar do universo pesquisado, tanto em sua moradia quanto no ambiente escolar, verificando se nesses locais poderiam ser identificadas mudanças nos hábitos alimentares regionais. Os dados obtidos no resultado final da pesquisa confirmaram que, nos últimos anos, o consumo de alimentos ultraprocessados como refrigerantes, biscoitos recheados e embutidos é amplamente realizado pelos entrevistados dentro do assentamento, em detrimento do consumo reduzido de frutas, peixes e alimentos tradicionalmente regionais, demonstrando que cada vez mais os padrões alimentares urbanos estão sendo vivenciados no modo de vida rural.

  15. Consumo e digestibilidade de subprodutos do processamento de frutas em ovinos

    OpenAIRE

    Lousada Junior,José Edilton; Neiva,José Neuman Miranda; Rodriguez,Norberto Mário; Pimentel,José Carlos Machado; Lôbo,Raimundo Nonato Braga

    2005-01-01

    Esta pesquisa foi realizada objetivando-se avaliar o valor nutritivo de subprodutos do processamento de frutas. Foram estudados subprodutos de abacaxi, acerola, goiaba, maracujá e melão, utilizando-se 20 ovinos machos castrados, com peso médio de 34,5 kg. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com cinco tratamentos (subprodutos) e quatro repetições. Os consumos de matéria seca (CMS) dos subprodutos de goiaba, maracujá e melão foram semelhantes, porém superiores ao CMS...

  16. Conhecimento dos graduandos de nutrição e enfermagem quanto ao consumo de corantes alimentares e seus efeitos adversos à saúde Knowledge of nursing and nutrition graduate students on the consumption of food colorings and their adverse health effects

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Nascimento Teles

    2016-10-01

    Objetivo: Evaluar la función intestinal de la clientela adulta atendida, asociándolos a los factores de riesgo, a partir de datos obtenidos en el Programa Fábrica de Cuidados. Métodos: Fueron seleccionadas 377 historias clínicas de adultos de ambos sexos. De estas, 48 presentaban el relato de constipación intestinal. Fueron colectadas variables sociodemográficas, de consumo alimentar y estilo de vida. Resultados: La prevalencia de constipación fue de 12,7%, con predominancia del sexo femenino de 89,6%. Se observó un bajo consumo de fibras, donde 69,7% y 66,7% de los pacientes constipados no consumían diariamente frutas/jugos y hortalizas A y B, respectivamente. Sobre el diagnóstico nutricional, 58,3% del grupo presentó IMC superior a 25. La ingestión hídrica, 31,2% consumían por lo menos 08 vasos/día. El sedentarismo fue predominante en el grupo (62%, además 60,4% substituían las principales refecciones por aperitivos. Conclusión: El perfil de la población en relación a los factores en estudio, justifica la alta prevalencia de la constipación. Descriptores: Constipación Intestinal, Adultos, Fibras, Estilo de vida.

  17. Religiosidade, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo em adolescentes Religiousness, alcohol consumption and smoking in adolescence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Bezerra

    2009-11-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre religiosidade e exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo em adolescentes. MÉTODOS: A amostra compreendeu 4 210 estudantes do ensino médio da rede pública no Estado de Pernambuco, selecionados através de amostragem por conglomerados em dois estágios. As informações foram coletadas a partir do questionário Global school-based student health survey (GSHS. Foram considerados expostos às bebidas alcoólicas e ao tabagismo os adolescentes que relataram consumo em pelo menos 1 dos últimos 30 dias, independentemente da intensidade da exposição. As variáveis relacionadas à religiosidade foram afiliação a uma religião e ser praticante de alguma religião. RESULTADOS: A prevalência de exposição ao consumo de bebidas alcoólicas foi de 30,3% (IC95%: 28,9 a 31,7, significativamente superior entre os rapazes (38,6% em comparação às moças (24,8%. A prevalência de exposição ao tabagismo foi de 7,8% (IC95%: 7,0 a 8,7, maior entre os rapazes (9,8% do que entre as moças (6,2%. As análises brutas evidenciaram que, independentemente do sexo, a exposição ao consumo de bebidas alcoólicas e ao tabagismo foi inversamente associada tanto à afiliação quanto à prática religiosa. O ajustamento das análises por meio de regressão logística permitiu observar que, independentemente da afiliação, o adolescente que se considerava praticante de uma religião teve menor chance de relatar exposição ao consumo de bebidas alcoólicas (razão de chances, OR = 0,71; IC95%: 0,60 a 0,83 e ao tabagismo (OR = 0,61; IC95%: 0,46 a 0,79. CONCLUSÕES: Os resultados do presente estudo sugerem que a religiosidade pode atuar como modulador da exposição ao consumo de álcool e ao tabagismo na adolescência. Futuros estudos deverão analisar como o efeito protetor da religiosidade pode ser potencializado em intervenções e campanhas de saúde.OBJECTIVE: To analyze the association between

  18. Revisão dos métodos empregados na avaliação da dimensão corporal em pacientes com transtornos alimentares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Elisabeth Thurm

    2011-01-01

    Full Text Available Objetivo: O presente artigo analisou os métodos de avaliação da percepção da dimensão corporal abordados na literatura científica. Método: Foram utilizadas a palavra-chave "body image" e a combinação desta com os termos "size perception" e "size estimation", nas bases de dados Medline, Bireme, EBSCO e SCOPUS, para o levantamento científico. O período considerado para essas buscas foi de 1975 a 2010. Resultados: Foram encontrados quatro métodos que avaliam e quantificam a percepção dimensional do corpo, aplicando-se um índice de percepção da dimensão corporal. Os métodos diferem em sua forma de execução, utilização de instrumentos, uso ou não de feedback visual por parte do avaliado, utilização de estímulo tátil ou não para gerar a resposta do avaliado. Conclusão: O Image Marking Procedure (IMP mostrou-se apropriado para a avaliação da dimensão corporal nos distúrbios alimentares, pela possibilidade de avaliar o grau de distorção corporal e dos segmentos corporais específicos sem a interferência visual, cognitiva e qualquer referencial externo comparado aos outros testes que mostraram limitações quanto a esses aspectos. Sugere-se que ele seja utilizado em futuras pesquisas que avaliem o aspecto dimensional da percepção corporal.

  19. Consumo alimentar da população adulta segundo perfil sócio-econômico e demográfico: Projeto Bambuí Food intake according to socioeconomic and demographic profile: the Bambuí Project

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Élido Bonomo

    2003-10-01

    Full Text Available Foi realizado inquérito nutricional em amostra probabilística de 546 indivíduos (idade > 18 anos, residentes na cidade de Bambuí (15 mil habitantes, Minas Gerais, Brasil, utilizando-se o Questionário Semiquantitativo de Freqüência Alimentar (QSFA. A mediana de ingestão calórica entre mulheres e homens foi de 2.807 e 3.775kcal, respectivamente. Homens ingeriram quatro vezes mais álcool que mulheres e estas, mais carboidratos, fibras e ácidos graxos polinsaturados (AGP. A distribuição de proteínas (15%, carboidratos (57% e lipídios (28% foi adequada. As proporções médias de inadequação da participação de lipídios, ácidos graxos saturados (AGS, AGP e colesterol na energia total foram, respectivamente, 36%, 50% e 90%, sendo mais pronunciadas entre os homens. A ingestão de lipídios, AGS e AGP, entre mulheres, e de lipídios e AGS entre homens, aumentou de acordo com a renda. A ingestão de AGP e fibras e a relação AGP/AGS estavam abaixo do recomendado nos dois gêneros. A dieta apresentou proporções de inadequação diferenciais, sugerindo possíveis agregados de risco à saúde da população para doenças cardiovasculares.A nutritional survey was performed in a random sample of 546 individuals (ages 18 and over in a city named Bambuí (15,000 inhabitants in Minas Gerais State, Brazil, using the Semi-Quantitative Food Frequency Questionnaire (SFFQ. Median calorie intakes for women and men were 2,807 and 3,775kcal, respectively. Men consumed four times more alcohol than women, and women consumed more carbohydrates, fiber, and polyunsaturated fatty acids (PUFA. The relative consumption of proteins (15%, carbohydrates (57%, and lipids (28% were adequate in both genders. The average proportions, for all participants, of an inadequate share of lipids, saturated fatty acids (SFA, PUFA, and cholesterol in the total calorie intake were, respectively, 36%, 90%, and 50%, and were more pronounced in men than in women. The lipid

  20. Impacto do padrão alimentar na composição corporal, taxa metabólica de repouso, ritmo circadiano do cortisol e balanço nitrogenado em mulheres obesas

    OpenAIRE

    Carla Barbosa Nonino

    2004-01-01

    Mudanças no hábito alimentar têm sido descritas como prováveis causas da obesidade. Estudos mostram que o peso depende do balanço energético definido pela relação entre a energia ingerida e o gasto energético. Sugere-se que o padrão alimentar, levando em consideração a freqüência de refeições e sua distribuição durante o dia, possa estar relacionado com a obesidade. Um efetivo programa de perda de peso tem como objetivo a perda do excesso da gordura corporal e a manutenção da massa livre de g...

  1. Relação entre a linfopenia e a persistência da papilomatose alimentar em bovinos intoxicados crônica e espontaneamente por samambaia (Pteridium aquilinum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo K Masuda

    2011-05-01

    Full Text Available Papilomavírus bovino tipo 4 (BPV-4 é responsável pelo desenvolvimento de papilomas no trato alimentar superior (TAS de bovinos. Os passos necessários para o crescimento, o desenvolvimento e a regressão dos papilomas estão intimamente relacionados com o estado imunológico do animal. A ingestão de samambaia (Pteridium aquilinum tem sido relacionada como o principal fator envolvido na persistência da infecção pelo BPV-4 no TAS. A teoria que estabelece a relação entre papilomatose alimentar e a formação de CCEs sugere a produção de um estado imunossupressivo crônico pela planta, permitindo a persistência dos papilomas no TAS. Os papilomas serviriam então como sítios de desenvolvimento dos CCEs através da interação entre as proteínas do BPV-4 e os carcinógenos da samambaia. O objetivo deste estudo foi avaliar a relação entre a quantidade de linfócitos circulantes e a papilomatose alimentar em casos de intoxicação espontânea crônica por P. aquilinum em bovinos com CCE no TAS. Quarenta bovinos com CCEs no TAS foram avaliados quanto à idade, à intensidade da papilomatose alimentar no TAS e ao leucograma. Três bovinos tinham leucopenia e um apresentava neutrofilia. A média de linfócitos foi de 5.395 (±1.696 na papilomatose leve, 4.560 (±1.561 na moderada e 5.007 (±1.786 na acentuada. Não houve diferença estatisticamente significativa entre o grau de papilomatose, a idade e a quantidade de linfócitos circulantes. Imunossupressão por linfopenia foi um achado esporádico (três casos neste estudo. Os resultados indicam que a persistência da papilomatose alimentar em casos espontâneos de intoxicação crônica por samambaia em bovinos não tem relação com a quantidade de linfócitos circulantes e que talvez esteja relacionada a outros fatores imunológicos.

  2. Crescimento, consumo hídrico e composição mineral de alface cultivada em hidroponia com águas salinas

    OpenAIRE

    Paulus,Dalva; Paulus,Eloi; Nava,Gilmar Antônio; Moura,Cláudia Andrade

    2012-01-01

    Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o crescimento, o consumo hídrico e a extração de nutrientes, por alface (Lactuca sativa L.) em sistema hidropônico NFT (fluxo laminar de nutrientes), com a utilização de águas salinas no preparo da solução nutritiva e reposição da lâmina diária evapotranspirada. Foram conduzidos dois experimentos, em ambiente protegido. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, sendo estudados os efeitos de cinco níveis de salinidade da água, utilizando-se Na...

  3. Recuperação da desnutrição em ratos mediante rações adicionadas ou não de suplemento alimentar e de vitaminas e minerais durante o período de crescimento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guzmán-Silva Maria Angélica

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVOS: O propósito deste estudo foi analisar experimentalmente a eficiência da suplementação alimentar da dieta do Município de Quissamã, RJ, em recuperar a desnutrição durante o período de crescimento. MÉTODOS: Foram utilizados 42 Rattus norvegicus, desmamados ao 26º dia e induzidos à desnutrição por 21 dias (ração hipoprotéica 2%, ad libitum. Os animais foram distribuídos em sete grupos, alimentados com suas respectivas dietas, todas isoprotéicas (10% e isoenergéticas (350Kcal/100g. Foi registrado o peso dos animais e, após o sacrifício, foram coletados e pesados fígado, rins, baço e intestino. RESULTADOS: O ganho ponderal médio no 28º dia do controle suplemento alimentar (75,33g foi significativamente inferior aos demais grupos, e o do controle suplemento alimentar e vitaminas+minerais foi o mais elevado (213,17. Quase todos os grupos diferenciaram-se estatisticamente no peso médio de fígado, rins e baço; os órgãos do controle suplemento alimentar apresentaram o menor peso (respectivamente 3,34g; 0,97g; 0,24g sendo significativamente inferior aos demais grupos. O controle suplemento alimentar e vitaminas+minerais apresentou o maior peso médio do fígado (13,85g. O Controle vitaminas+minerais apresentou o maior peso médio dos rins (1,88g e do baço (0,87g. O número de placas de Peyer/animal variou de nove a treze, sem diferenças entre os grupos; o tamanho das placas de Peyer do controle suplemento alimentar (2,6mm foi significativamente inferior aos demais grupos. O Quissamã suplemento alimentar apresentou as maiores placas de Peyer (4,4mm. O controle suplemento alimentar apresentou sempre valores inferiores para todos os parâmetros estudados comparativamente, já que não foram adicionados à sua ração vitaminas e minerais. CONCLUSÃO: A dieta de Quissamã, RJ experimentalmente alcança as necessidades mínimas para promover a recuperação da desnutrição, sendo desnecessária a adição de

  4. PLANO DE SEGURANÇA DA ÁGUA EM MANANCIAIS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Manuel Pereira Vieira

    2013-03-01

    Full Text Available O progresso no acesso a água potável a nível mundial tem-se traduzido num incremento de infraestruturas que necessitam de ser adequadamente geridas por forma a garantir água segura às populações. Embora a qualidade da água para consumo humano seja um factor fundamental para a protecção da saúde pública, a sua garantia revela-se de uma grande dificuldade por razões técnicas e económicas. A implementação de planos de segurança da água, estabelecendo um processo sistemático para a identificação de perigos e procedimentos de gestão efectivos para o seu controlo em sistemas de abastecimento de água, constitui uma nova abordagem a esta problemática. No presente trabalho, apresenta-se uma proposta metodológica para a implementação de planos de segurança da água em mananciais de abastecimento, onde se estabelecem os aspectos mais relevantes a considerar, nomeadamente as limitações e necessidades relacionadas com modelos institucionais e organizacionais.

  5. Fatores associados ao consumo de frutas, legumes e verduras em adultos da cidade de São Paulo Factores asociados al consumo de frutas, legumbres y verduras en adultos de la ciudad de São Paulo (Sureste de Brasil) Factors associated with fruit and vegetable intake among adults of the city of São Paulo, Southeastern Brazil

    OpenAIRE

    Iramaia Campos Ribeiro Figueiredo; Patricia Constante Jaime; Carlos Augusto Monteiro

    2008-01-01

    OBJETIVO: Descrever a freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras por adultos e analisar os fatores associados ao seu consumo. MÉTODOS: Estudo transversal realizado entre outubro e dezembro de 2003 no município de São Paulo (SP). Foram realizadas entrevistas telefônicas em amostra probabilística da população adulta (>18 anos) residente em domicílios servidos por linhas fixas de telefone, totalizando 1.267 mulheres e 855 homens. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras foi...

  6. CONSUMO ENERGÉTICO PROVENIENTE DE ALIMENTOS ULTRAPROCESSADOS POR ADOLESCENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helen Freitas D’Avila

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Avaliar o consumo proveniente dos alimentos ultraprocessados e fatores relacionados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal com 784 adolescentes (de ambos os sexos e entre 12 a 19 anos de escolas públicas e privadas do município de Palmeira das Missões, Brasil. O consumo alimentar foi registrado pelo questionário semiquantitativo de frequência de consumo de alimentos e convertido em energia (Kcal/dia. Os alimentos foram classificados em: minimamente processados, grupo 1 (G1; alimentos processados, grupo 2 (G2; e alimentos ultraprocessados, grupo 3 (G3. As variáveis avaliadas foram: sexo, classe socioeconômica, cor, atividade física, índice de massa corpórea (IMC e níveis pressóricos. Na comparação de variáveis quantitativas foi usado o teste de Mann-Whitney e o teste H de Kruskal-Wallis. Para ajustar as diferenças entre os grupos, considerando os efeitos de calorias totais, foi aplicado o teste de análise de covariância (ANCOVA. Resultados: A mediana do consumo energético total foi de 3.039,8 Kcal e a de ultraprocessados foi de 1.496,5 Kcal/dia (49,23%. O consumo calórico proveniente dos alimentos do G1, do G2 e do G3 não diferiu de acordo com a cor da pele dos adolescentes. Os adolescentes pertencentes às classes C e D são os maiores consumidores de calorias do G2 e do G3 (p<0,001. Os adolescentes insuficientemente ativos consomem menos calorias de alimentos minimamente processados. Os adolescentes eutróficos apresentam maior consumo do G3 (p<0,001, quando comparados aos que possuem excesso de peso. Conclusões: O consumo de alimentos ultraprocessados associou-se ao nível social, ao nível de atividade física e ao estado nutricional.

  7. Botulismo de origem alimentar Foodbourne botulism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natacha Deboni Cereser

    2008-02-01

    Full Text Available O botulismo alimentar ocorre pela ingestão de toxinas pré-formadas pelo Clostridium botulinum, consideradas as mais potentes dentre as toxinas conhecidas. Caracteriza-se como uma doença de extrema gravidade, de evolução aguda, provoca distúrbios digestivos e neurológicos, em conseqüência à ingestão de diversos tipos de alimentos. As conservas caseiras estão entre os alimentos que oferecem maior risco à população consumidora. Os produtos de origem animal são frequentemente associados aos surtos da doença, destacando-se os embutidos, tais como salsichas, salames, presuntos e patês. Derivados do leite e enlatados, bem como produtos fermentados, são passíveis de provocar a intoxicação. As outras formas naturais da doença são botulismo por feridas e botulismo infantil, normalmente associado ao consumo de mel contendo esporos do Clostridium botulinum.Foodbourne botulism occurs after ingestion of preformed toxins produced by the Clostridium botulinum, which has been considered one of the most potent known one. The disease, acquired after ingestion of various kinds of foods, has acute character, and provokes gastrointestinal and neurologic symptoms. Homemade canned foods are those that represent higher risk to human health. Processed meat products are frequently associated with botulism outbreaks, mainly sausages, ham and pates. Dairy and canned food, as well as fermented foods, also may be related with this disease. Still, botulism may be caused by toxin production in deep wound, named wound botulism; and after ingestion of honey contaminated with spores by infants, named infant botulism.

  8. Determinação da concentração de fluor em agua de consumo e em bebidas comercializadas no Estado de Santa Catarina

    OpenAIRE

    Ferreira, Rinaldo

    1995-01-01

    Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Agrarias Verificou-se, através do método eletrométrico, a concentração de flúor na água de consumo público tratada e não tratada e em bebidas comercializadas no estado de Santa Catarina. Nas 150 amostras de bebidas analisadas foi encontrada uma concentração média de 0,498 ppm de flúor com um desvio padrão de 0,583. Com relação à àgua tratada 48,71% das amostras apresentaram níveis de flúor insuficiente, 35,...

  9. Efeitos dos óleos de amendoim, açafrão e oliva na composição corporal, metabolismo energético, perfil lipídico e ingestão alimentar de indivíduos eutróficos normolipidêmicos

    OpenAIRE

    Sales,Regiane Lopes; Costa,Neuza Maria Brunoro; Monteiro,Josefina Bressan Resende; Peluzio,Maria do Carmo Gouveia; Coelho,Sandra Bragança; Oliveira,Cristiane Gonçalves de; Mattes,Richard

    2005-01-01

    OBJETIVOS: O presente trabalho visou avaliar os efeitos do consumo dos óleos de amendoim, açafrão e oliva no perfil lipídico, composição corporal, metabolismo energético e ingestão alimentar em indivíduos eutróficos normolipidêmicos. MÉTODOS: Foram selecionados 32 indivíduos, divididos aleatoriamente em quatro grupos, tendo quatro mulheres e quatro homens em cada grupo, com idade entre 18 e 50 anos. Foi oferecido um milk shake aos voluntários no desjejum, veiculando uma quantidade equivalente...

  10. Performance, intake and digestibility of feedlot lambs receiving elephant grass silage with different proportions of dried peel of passion fruitDesempenho, consumo e digestibilidade de cordeiros em confinamento recebendo silagens de capim elefante com diferentes proporções de casca desidratada de maracujá

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Bomfim Rocha

    2011-10-01

    Full Text Available The consumption, digestibility, and performance was evaluated of lambs fed silage elephant grass containing different inclusion levels of passion fruit peel dried (0, 10, 20 and 30% in natural matter of elephant grass, in a randomized completely randomized design with four replications. The elephant grass was cut at 60 days of age, chopped and ensiled in barrels along with the proportions of dried passion fruit peel, according to each treatment. After 30 days, the silos were opened for evaluation. It was observed that the inclusion of the residual affected the intake and digestibility of certain nutrients (PAvaliou-se o consumo, a digestibilidade, e o desempenho de silagens de capim-elefante, contendo diferentes níveis de inclusão (0; 10; 20 e 30% de casca de maracujá desidratada na matéria natural do capim-elefante, em um delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições. O capim elefante foi cortado com 60 dias de idade, picado e ensilado em tonéis juntamente com as proporções de casca de maracujá desidratada conforme cada tratamento. Após 30 dias de armazenagem os silos foram abertos para avaliações. Observou-se que a inclusão do resíduo influenciou o consumo e a digestibilidade de alguns nutrientes (P<0,05. Houve efeito para o ganho de peso médio diário e ganho total dos cordeiros, sendo que para cada 1% de casca de maracujá desidratada adicionada elevou-se 2,42% o GMD. A conversão alimentar apresentou efeito linear decrescente (8,9; 9,2; 8,6 e 7,2, respectivamente, entre os tratamentos, permitindo concluir que, a casca de maracujá desidratada pode ser utilizada em até 30% de inclusão ao capim-elefante.

  11. Prática alimentar nos dois primeiros anos de vida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Braga Lima

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliou-se prática alimentar de crianças menores de dois anos. Estudo transversal desenvolvido em 2004-2005, a partir de dados do Estudo de Consumo Alimentar Populacional de Belo Horizonte/ECAP-BH. A amostra compreendeu 148 crianças menores de dois anos. Realizou-se entrevista em domicílio com mães/responsáveis e levantou-se os alimentos consumidos nas últimas 24 horas, incluindo leite materno e idade de introdução da alimentação complementar. Medianas de aleitamento materno exclusiva e total foram 60 e 150 dias, respectivamente. A introdução de outros tipos de leite e de alimentos não-lácteos ocorreu precocemente. Do ponto de vista nutricional, as dietas eram desbalanceadas e o ferro foi o nutriente mais deficiente no primeiro ano de vida. Os resultados evidenciam a necessidade da implementação de medidas de intervenção nos serviços de saúde do município para a promoção da alimentação complementar saudável.

  12. Avaliação do consumo de água em domicílios: fatores intervenientes e metodologia para setorização dos usos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriella Laura Peixoto Botelho

    2015-12-01

    Full Text Available O presente trabalho se voltou ao estudo da parcela do consumo de água destinada ao uso domiciliar. O conhecimento das parcelas de influência no consumo de água residencial pode subsidiar o uso eficiente deste insumo e, consequentemente, a melhor gestão dos recursos hídricos através das medidas de gestão da demanda. As residências estudadas situam-se no Bairro de Nordeste de Amaralina, na região da Chapada do Rio Vermelho. Em resumo, avaliou-se o consumo de água total e setorial, dessas residências, a partir da instalação de um hidrômetro e data logger por unidade estudada. Esse sistema de monitoramento captou o consumo intradomiciliar a cada dez segundos. A setorização dos usos por aparelho hidráulico foi feita a partir do reconhecimento das curvas de vazões, impressas pelo dispositivo hidráulico no instante do uso, aliado a uso de software específico para segregar o volume captado na saída do reservatório, entre os diferentes pontos de utilização na residência. A partir desses dados, foi possível avaliar fatores intervenientes nesse consumo. O período de monitoramento ocorreu entre Dezembro de 2010 e Janeiro de 2012, que por sua vez, foi subdivido em períodos, com diferentes características, a fim de identificar possíveis fatores de influencia no consumo. No primeiro período foi avaliado o consumo de água com o mínimo de interferência na rotina dos moradores, no segundo período iniciou-se a implementação das medidas de gestão da demanda, que consistiram, no incentivo aos moradores em utilizar a água de forma racional, e continuaram no terceiro período, com a substituição de alguns aparelhos convencionais por modelo economizador de água. Dentre os principais resultados alcançados, foi verificado que o consumo através da bacia sanitária, chuveiros e tanques da área de serviço representaram grande parcela do consumo total, representando, portanto, oportunidades para medidas de melhoria de efici

  13. Realidades em disputa: a proposição da prática alimentar da multimistura | Realities in dispute: a proposition of "multimixture" nutrition practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan da Costa Marques

    2012-03-01

    Full Text Available Resumo A história da proposição da prática alimentar da multimistura está fortemente marcada pelo seu (desencontro com os conhecimentos científicos, especialmente com os conhecimentos científicos sobre a nutrição. O embate entre os nutricionistas e os defensores da multimistura vem sendo travado, principalmente a partir do começo da década de 1990, quando a multimistura chegou a adquirir os contornos de um programa governamental para a alimentação infantil no Brasil. Ofereço três histórias desse (desencontro. Cada uma dessas histórias habita o universo sócio-político-econômico-cognitivo da nutrição infantil com entidades que se apresentam como de naturezas diferentes em disputa pela realidade da alimentação infantil no Brasil. Palavras-chave multimistura, ciência, política, nutrição, história Abstract The history of the proposition of multimixture as a practice of nourishment is marked by its confrontation with scientific knowledge, especially about nutrition. Since the beginning of the 1990s, when multimixture was about to configure a governmental program to fight malnutrition among poor children, fierce disputes have arisen between nutritionists and supporters of the use of multimixture. I tell three stories about these disputes. Each of these three stories inhabits the cognitive economic-political-social universe of infant nutrition with entities that present themselves as of different natures disputing reality in infant nutrition in Brazil. Keywords multimistura, science, policy, nutrition, history

  14. Assessment of executive functions in obese individuals with binge eating disorder Avaliação de funções executivas em indivíduos obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Duchesne Monica

    2010-12-01

    Full Text Available OBJECTIVE: The aim of this study was to assess executive functions of obese individuals with binge eating disorder. METHOD: Thirty-eight obese individuals with binge eating disorder were compared to thirty-eight obese controls without binge eating disorder in terms of their executive functions. All individuals were assessed using the following instruments: Digit Span, Trail Making Tests A and B, Stroop Test and the Wisconsin Card Sorting Test. In addition, four subtests from the Behavioral Assessment of the Dysexecutive Syndrome Battery were also used, namely the Zoo Map Test, the Modified Six Elements Test, the Action Program Test and the Rule Shift Cards Test. RESULTS: When compared to obese controls, obese individuals with binge eating disorder presented significant impairment in the following tests: Digit Span backward, Zoo Map Test, Modified Six Elements Test, and Action Program Test. Subjects with binge eating disorder also showed significant more set shifting and perseverative errors in the Wisconsin Card Sorting Test. In other measures such as the Digit Span Forward, the Trail Making Test, the Stroop Test and the Rule Shift Cards Test, obese subjects with binge eating disorder did not differ significantly from obese subjects without binge eating disorder. CONCLUSION: These results suggest that, in the present sample, obese individuals with binge eating disorder presented executive deficits, especially impairments relating to problem-solving, cognitive flexibility and working memory.OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi avaliar as funções executivas de indivíduos obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica. MÉTODO: Trinta e oito indivíduos obesos com transtorno da compulsão alimentar periódica foram comparados com 38 controles obesos sem transtorno da compulsão alimentar periódica em termos de suas funções executivas. Todos os indivíduos foram avaliados utilizando os seguintes instrumentos: Digit Span, Trail

  15. Ingestão de energia e nutrientes segundo consumo de alimentos fora do lar na Região Nordeste: uma análise do Inquérito Nacional de Alimentação 2008-2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jessica Brito Cavalcante

    Full Text Available RESUMO: Introdução: O consumo de alimentos fora do lar vem crescendo no Brasil, sendo associado a escolhas alimentares menos nutritivas. Objetivo: Descrever a ingestão de energia e nutrientes específicos entre consumidores e não consumidores de alimentos fora do lar, na Região Nordeste. Métodos: Foram analisados dados do Inquérito Nacional de Alimentação (INA, provenientes da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF 2008-2009, em uma amostra de 11.674 indivíduos residentes na Região Nordeste, que forneceram dois registros alimentares em dias não consecutivos, com informação sobre o local de consumo dos alimentos (dentro ou fora do lar. Alimentação fora do lar foi definida como todo alimento adquirido e consumido fora de casa. Modelos de regressão linear foram desenvolvidos para avaliar a relação entre o consumo alimentar fora do lar em um dos dois dias de registro e a ingestão de energia e nutrientes, ajustados por idade, sexo e renda per capita. Resultados: O consumo de alimentos fora do lar, em pelo menos um dos dois dias de registro alimentar, foi reportado por 42% dos indivíduos. Os indivíduos que consomem alimentos fora do lar apresentaram pior ingestão de nutrientes em comparação com os que não consomem alimentos fora do lar, com maior consumo de energia, açúcar livre, gordura saturada, gordura trans e menor ingestão de proteína, ferro e fibra alimentar, independente da idade, sexo e renda (p < 0,05. Conclusão: A alimentação fora do lar no Nordeste contribuiu para uma maior ingestão de energia e uma pior ingestão de nutrientes. Assim, faz-se necessária a elaboração de políticas públicas e estratégias que favoreçam a escolha de alimentos mais saudáveis quando os indivíduos optam por se alimentar fora do lar.

  16. Retórica do consumo: o discurso em ação persuasiva

    OpenAIRE

    Pinheiro, Noslen Nascimento

    2016-01-01

    Diante das inúmeras possibilidades de estudo que o discurso publicitário proporciona, propomos, neste trabalho, uma análise retórica dos títulos de anúncios veiculados em revistas impressas de 1808 a 2015, no Brasil. Em alguns casos, a análise se estende aos textos adicionais para elucidar as intenções argumentativas do orador. Nossa proposta baseia-se essencialmente em uma fundamentação teórica sobre a retórica, exposta no capítulo 1, as quais são baseadas nas teorias de Aristóteles (1985...

  17. Estimativa de consumo de matéria seca e de fibra em detergente neutro por vacas leiteiras sob pastejo, suplementadas com diferentes quantidades de alimento concentrado

    OpenAIRE

    Sousa,B.M.; Saturnino,H.M.; Borges,A.L.C.C.; Lopes,F.C.F.; Silva,R.R.; Campos,M.M.; Pimenta,M.; Campos,W.E.

    2008-01-01

    Estimou-se o consumo de matéria seca e de fibra em detergente neutro por vacas leiteiras mestiças em pastejo de gramíneas do gênero Brachiaria. Foram utilizadas 24 vacas em lactação, distribuídas em três tratamentos com oito vacas cada, suplementadas com 4, 6 ou 8kg de matéria natural de alimento concentrado/vaca/dia, no momento da ordenha, duas vezes ao dia. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, sendo oito blocos com três vacas em cada um, cada vaca sendo alimentada com um dos t...

  18. Fatores de risco para o desenvolvimento de distúrbios alimentares: um estudo em universitárias Risk factors in the development of eating disorders: study in a group of college women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovanna Medeiros Rataichesck FIATES

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho buscou identificar, em mulheres universitárias, aquelas que apresentavam fatores de risco para o desenvolvimento de distúrbios alimentares. Aplicou-se o questionário Eating Attitudes Test em 221 mulheres (114 estudantes de nutrição e 107 estudantes de outras áreas não relacionadas à saúde. Os resultados indicaram que 22,17% das estudantes apresentaram fatores de risco para o desenvolvimento de distúrbio alimentar, sendo que no grupo de alunas da nutrição o percentual foi maior (25,43% do que no grupo de estudantes de outros cursos (18,69%. Embora a diferença não tenha sido significativa, as futuras nutricionistas podem estar inseridas em um ambiente mais favorável ao desenvolvimento de distúrbios alimentares.This work studied a group of 221 college women, to identify those who presented risk factors compatible with the development of eating disorders. The Eating Attitudes Test was applied to 221 women (114 nutrition students and 107 students from other areas, unrelated to the health field. Results indicated that 22.17% of the group presented risk factors in the development of an eating disorder. Nutrition students presented a higher percentage (25.43% than the other students (18.69%, but this difference was not significant. However, women who study nutrition may be exposed to an environment more propitious to the development of eating disorders.

  19. Consumo e digestibilidade total e parcial de dietas utilizando farelo de girassol e três fontes de energia em novilhos confinados Intake, total and partial digestibility of diets with sunflower meal and three energy sources in confined steers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Rosália Mendes

    2005-04-01

    Full Text Available Avaliaram-se o consumo alimentar, a digestibilidade parcial e total e o balanço de nitrogênio, em novilhos confinados. Foram utilizados três novilhos de corte cruzados, canulados no rúmen e no duodeno, distribuídos em dois delineamentos em quadrado latino 3 x 3. As dietas experimentais foram constituídas de 60% de silagem de milho, tendo como fonte de proteína o farelo de girassol e, como fonte de energia, o milho (MI. O milho foi substituído parcialmente pela casca de soja (CS ou pelo farelo de gérmen de milho (FGM. Quatro indicadores internos (lignina e FDA, FDN e lignina indigestíveis foram submetidos a 144 horas de digestão in vitro, para estimativa da digestibilidade parcial e total das dietas. Houve maior ingestão dos componentes fibrosos na dieta CS, porém não foi observado efeito sobre o consumo de matéria seca. A lignina subestimou significativamente a digestibilidade. A utilização da FDAi, FDNi e lignina-i para estimar a digestibilidade total é viável, no entanto, a FDAi e lignina-i não estimaram adequadamente as digestibilidades parciais. Houve efeito significativo na digestibilidade ruminal da FDA, com valores mais elevados para CS e semelhantes para FGM, em relação à dieta MI. A digestibilidade total da FDA foi maior na dieta CS, porém, as digestibilidades dos demais componentes não foram afetadas pelas diferentes fontes energéticas. Não houve diferença significativa para a digestibilidade da energia e nos valores obtidos de NDT, com média de 61,5%. A casca de soja e o farelo de gérmen de milho, em substituição parcial do milho, mostraram-se fontes alternativas satisfatórias para a inclusão na dieta de bovinos.Feed intake, partial and total digestibility and nitrogen balance were evaluated in confined steers. Three crossbreed steers, rumen and duodenum cannulated, were allotted to two 3 x 3 Latin square experimental design. The experimental diets were composed by corn silage (60% and concentrate

  20. Hábitos alimentares e fatores de risco para aterosclerose em estudantes de Bento Gonçalves (RS) Dietary habits and risk factors for atherosclerosis in students from Bento Gonçalves (state of Rio Grande do Sul)

    OpenAIRE

    Hosana Maria Speranza Cimadon; Renata Geremia; Lucia Campos Pellanda

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: A doença cardiovascular aterosclerótica inicia seu processo na infância precoce e é influenciada ao longo da vida por fatores genéticos e exposição ambiental a fatores de risco potencialmente modificáveis. OBJETIVO: Investigar a prevalência de fatores de risco para aterosclerose com ênfase nos hábitos alimentares em uma cidade de colonização predominantemente italiana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, envolvendo 590 estudantes do ensino fundamental com idades entr...

  1. A produção científica em Segurança Alimentar e Nutricional nos periódicos Latino-Americanos da base de dados SciELO

    OpenAIRE

    Gomes, Rogério

    2015-01-01

    Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar. Orientadora: Profa. Dra. Érika Marafon Rodrigues Ciacchi. Co-orientadora: Profa. Dra. Silvia Aparecida Zimmermman. O objetivo da pesquisa foi analisar trabalhos publicados nos países da América Latina que compõe o conjunto ...

  2. Inclusão de cama de frango em dietas à base de palma forrageira (Opuntia ficus-indica Mill para vacas mestiças em lactação: 1. Consumo e produção Broiler litter in forage cactus based diets (Opuntia ficus-indica Mill for lactating crossbred cows: 1. Nutrients intake and milk yield

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Carla dos Santos Magalhães

    2004-12-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido objetivando-se avaliar o efeito da inclusão de diferentes níveis de cama de frango (aproximadamente 0; 10; 20 e 30% na matéria seca (MS de dietas contendo palma forrageira, bagaço de cana-de-açúcar in natura, uréia e farelo de algodão, fornecidas na forma de ração completa, sobre o consumo de nutrientes e a produção de leite de vacas mestiças e verificar o tempo necessário para adaptação dos animais às dietas. Foram utilizadas oito vacas 5/8 Holandês-Gir, após pico de lactação, com produção média de 15 kg de leite/dia e 420 kg de peso vivo, distribuídas em dois quadrados latinos (4 x 4 simultâneos, com quatro períodos, quatro animais e quatro níveis de cama de frango na ração. Os consumos de matéria seca, proteína bruta, fibras em detergente neutro e ácido, carboidratos totais e não-fibrosos e matéria orgânica apresentaram comportamento quadrático significativo, enquanto os consumos de matéria mineral e extrato etéreo aumentaram linearmente com a inclusão de cama de frango nas dietas. A produção de leite, com e sem correção para 4% de gordura, o teor e a produção de gordura e a eficiência alimentar não foram influenciadas pelo incremento de cama de frango nas dietas. O período de adaptação dos animais às dietas pode ser reduzido para sete dias.This work was carried to evaluate the effect of diferents of broiler litter inclusion (approximately 0, 10, 20 and 30%, in dry matter base with 45% forage cactus associaded to sugar cane bagasse, urea and cotonsead meal, in total diet form, on nutrient intake and milk yield and to evaluate the time necessary to adaptation of the animals to diets. Eigth lactating 5/8 crossbred Holstein/Gir cows with 420 kg of LW and production of 15 kg/day, were assigned to tratament sequences in a replicated 4X4 latin square with four periods, four animals and four levels of broiler chiken in the ration. The intakes of dry matter, neutral

  3. JOVENS EM SÃO PAULO LAZER, CONSUMO CULTURAL E HÁBITOS DE VER TV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Helena Simões Borelli

    2000-01-01

    Full Text Available El objetivo de este artículo es analizar, a través de un recorte cualitativo, las relaciones de los jóvenes -entendidos como una categoria nómada-, con las diferentes alternativas de tiempo libre, consumo cultural, medios de comunicación y nuevas tecnologías. La perspectiva adoptada supone que estas articulaciones resulten en un conflictivo proceso de mediaciones en el cual los gustos, elecciones, estilos e identidades adoptados están directamente vinculados a las siguientes variables: cotidiano vivido; clase social y grupos a que pertenecen; género; sensibilidad y percepción que desenvuelven en relación a los territorios de ficcionalidad y a las dimensiones de tecnicidad. Aunque se puedan concebir mecanismos de apropiación cultural con características más universalizantes, las particularidades se revelan a través de condiciones concretas de clase, género, etnia, entre otras posibilidades. Las informaciones aquí introducidas, resultan de la realización de una Investigación Cualitativa de Recepción de Telenovelas, que permitió que un grupo de investigadores de varias universidades y áreas del conocimiento estuvieran en contacto con estos jóvenes y sus familias durante la transmisión, en 1997, por la Rede Globo de Televisão, durante el prime-time, de la telenovela A Indomada (Aguinaldo Silva e Paulo Ubiratan.

  4. Markers for total consumption estimate of penned holstein x zebu heifers Indicadores para estimativa de consumo total por novilhas holandês x zebu mantidas em confinamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Januário Magalhães Aroeira

    2010-09-01

    Full Text Available It was aimed to evaluate the effectiveness of the internal markers: indigestible fibers (FDAi and FDNi, lignin Klason and the external markers: chromic oxide and modified enriched hidroxiphenilpropan LIPE® on the total intake estimates of penned crossbreed heifers (Holstein x Zebu. They´re assigned to four diets: elephant grass (Pennisetum purpureum Schum. silage; elephant grass silage and commercial concentrate; chopped sugar cane and urea; chopped sugar cane, urea and commercial concentrate. The chromic oxide underestimated the heifers consumption of all diets and its estimates differed from either hod consumption or those obtained with markers. LIPE® may replace chromic oxide because its consumption estimates did not differ from hod consumption of all diets. The lignin Klason showed to be more appropriate to estimate the heifers consumption that were fed with diets based on grass silage than those heifers fed with sugarcane. This marker underestimated the consumption of heifers that received sugarcane and urea (3,57kg/day of MS when it was compared to the consumption registered in hod (4,05kg/day of MS, however, for those heifers that received sugarcane, urea and supply, lignin Klason underestimated the consumption (3,90kg/day of MS, so that, it differed form consumption in hod (4,90kg/day of MS. The indigestible fibers (FDAi and FDNi were suitable to estimate the heifers consumption in all diets. Those results showed that markers present differentiated effect according to the roughage used.Objetivou-se avaliar a eficácia dos indicadores internos: fibras indigestíveis (FDAi e FDNi e lignina Klason e os indicadores externos: óxido crômico e hidroxifenilpropano enriquecido e modificado LIPE® nas estimativas de consumo total de novilhas mestiças Holandês x Zebu, mantidas em confinamento e submetidas a quatro dietas: silagem de capim elefante (Pennisetum purpureum Schum.; silagem de capim elefante e concentrado comercial; cana

  5. Intake, apparent nutrient digestibility and ingestive behavior of sheep fed cashew nut meal Consumo, digestibilidade aparente dos nutrientes e comportamento ingestivo em ovinos alimentados com farelo de castanha de caju

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Guimarães Pimentel

    2011-05-01

    ão-fibrosos e nutrientes digestíveis totais não foram influenciados pela adição de FCC, contudo o consumo de fibra em detergente neutro (FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos totais apresentaram comportamento quadrático com o aumento no teor de lipídeos da ração. A digestibilidade aparente da MS, matéria orgânica, proteína bruta, FDN, fibra em detergente ácido e carboidratos não fibrosos não foi influenciada pela adição de FCC nas rações, contudo as digestibilidades do extrato etéreo e dos carboidratos totais apresentaram comportamentos quadrático e linear, respectivamente. Não foram observadas diferenças significativas no tempo despendido com alimentação e ruminação, no entanto, o tempo de mastigação total foi influenciado, apresentando comportamento linear crescente com os níveis de FCC. As eficiências de alimentação e ruminação não foram influenciadas pelo aumento no teor de lipídeos das rações, no que se refere aos consumos de MS e FDN por hora. O tempo de mastigação merícica por bolo ruminal, o número de bolos ruminados e o número de mastigações merícicas por dia não foram influenciados pelas rações experimentais. No manejo alimentar de ovinos, caso haja disponibilidade, recomenda-se como alternativa alimentar a utilização de no máximo 30% de FCC na ração concentrada.

  6. Um Lugar para o Sujeito em Tempos de Consumo do Objeto: Um Estudo de Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriane Freitas Barroso

    Full Text Available RESUMO A clínica psicanalítica sempre esteve conectada à realidade social, já que, a cada tempo, alteram-se as demandas e suas formas de endereçamento. Atualmente, contudo, o enfraquecimento do simbólico põe em xeque a crença no Outro, fazendo vacilar o lugar do sujeito e o conceito de clínica em si. Este artigo busca extrair, a partir de um caso clínico que aborda a questão da toxicomania, um esforço da psicanálise de orientação lacaniana para assegurar a importância do sujeito.

  7. Na Alegria e na Tristeza: Compartilhamento de Informações, Comparação e Consumo em Comunidades Virtuais de Noivas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rute de Alencar Frota

    2015-06-01

    Full Text Available As comunidades virtuais são compreendidas por pesquisadores da área de marketing como um importante grupo de referência para a tomada de decisão dos consumidores, servindo como fonte ou até mesmo ambiente de consumo. Pouco se conhece sobre os mecanismos de comparação social que ocorrem nestes ambientes e seus consequentes em termos de emoção gerada e consumo. O objetivo deste trabalho é analisar o consumo motivado pela comparação em comunidades virtuais. Para tal, uma pesquisa netnográfica foi empreendida na comunidade “Noivinhas”, presente na rede social Facebook, e formada por noivas de uma capital do Brasil. Entrevistas semiestruturadas junto a participantes também foram conduzidas para alcançar o objetivo do estudo. Foi possível constatar que os depoimentos, fotos e vídeos postados na comunidade virtual estudada não só dão margens para que a comparação ocorra, mas também para que, a partir dela, emoções sejam geradas. As emoções negativas foram as mais lembradas pelas entrevistadas e também eram relatadas pelas participantes da comunidade. Inveja, arrependimento e tristeza podem ser citadas como as mais recorrentes. Já as emoções positivas não são tão marcantes para algumas noivas e a grande maioria só relata a felicidade. Em relação ao consumo, todas as entrevistadas admitiram que a comparação acaba motivando-o, principalmente quando a emoção gerada é negativa.

  8. Benefícios à saúde humana do consumo de isoflavonas presentes em produtos derivados da soja

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayara Miranda Zakir

    2015-09-01

    Full Text Available As leguminosas utilizadas na alimentação de diversas populações ao redor do mundo são importantes fontes de energia e diversos nutrientes. A soja (Glycine max que apresenta uma composição quase completa, vem se destacando como um alimento funcional, pois além de sua função normal de nutrição, ainda apresenta diversos benefícios para a saúde. O grão de soja possui os compostos bioativos que estão sendo amplamente estudados, pois visam a prevenção e a redução dos riscos de desenvolvimento de d oenças crônicas como diabetes, colesterol, hipertensão arterial, cânceres entre outros. As isoflavonas são compostos químicos pertencentes à classe dos fitoestrógenos, as principais isoflavonas encontradas na soja são a daidzeína, a genisteína e a gliciteína. Evidências científicas sugerem que as isoflavonas, desempenham um papel importante na prevenção e controle de doenças crônicas. Devido ao crescente interesse da população em consumir alimentos saudáveis, a indústria alimentícia vem se dedicando a desenvolver novos produtos, cujas funções pretendem ir além do fornecimento dos nutrientes básicos à alimentação humana, esses alimentos são conhecidos como alimentos funcionais. Dessa forma torna-se importante o estudo dos benefícios que o consumo de diferentes produtos alimentícios à base de soja pode oferecer na prevenção e no controle de diversas patologias. O presente trabalho tem como objetivo incentivar o consumo dos produtos derivados de soja, devido aos efeitos benéficos que a ação das isoflavonas presente na leguminosa oferece ao organismo humano.

  9. Avaliação dos teores de fibra alimentar e de beta-glicanas em cultivares de aveia (Avena sativa L Evaluation of dietary fiber and beta-glucan levels in oat (Avena sativa L cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz C. GUTKOSKI

    1999-12-01

    Full Text Available A fibra alimentar é composta por celulose, hemiceluloses, gomas, pectinas e mucilagens sendo classificada em solúvel e insolúvel, quanto a sua solubilidade em água. As beta-glicanas são componentes da fibra alimentar solúvel presentes na aveia e sua importância é devido às propriedades funcionais e aos efeitos hipocolesterolêmicos e hipoglicêmicos apresentados. O presente trabalho tem como objetivo avaliar os teores de fibra alimentar solúvel, insolúvel e total e de beta-glicanas de cultivares de aveia recomendados pela Comissão Brasileira de Pesquisa de Aveia. Grãos de aveia (Avena sativa, L foram descascados, as cariopses moídas e as amostras acondicionadas e armazenadas à temperatura de -20° C. Para a análise de fibra alimentar foi adotada a metodologia da AOAC (1997. Entre os cultivares analisados, UPF 7, UPF 13, UPF 14 e UPF 16 apresentaram os maiores teores de fibra alimentar insolúvel. Os maiores teores de fibra alimentar solúvel foram verificados nos cultivares UFRGS 7, CTC 13, UPF 16 e CTC 2. O cultivar UPF 16 apresentou o maior teor de fibra alimentar total, seguido de UFRGS 7, CTC 13 e UFRGS 18. Para a determinação de beta-glicanas foi adotada a metodologia da AOAC (1997. Os maiores teores de beta-glicanas foram verificados nos cultivares UFRGS 7, UPF 14 e UFRGS 18.The dietary fiber is composed by cellulose, hemi-celluloses, gums, pectins, and mucilages, being classified as soluble or insoluble depending on its solubility in water. Beta-glucans are a fraction of the soluble dietary fiber, being important due to its functional properties and effects in reducing cholesterol and glucose. This work aimed at evaluating the levels of soluble, insoluble, and total dietary fiber, as well as the amount of beta-glucans, present in grains of oat cultivars recommended by the Brazilian Commission for Oat Research. Oat grains were hulled, the caryopses were ground and the samples packaged and stored at temperature of -20º

  10. Riqueza de Famílias e Hábitos Alimentares em Coleoptera Capturados na Fazenda da EMPARN– Jiqui, Parnamirim / RN

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Lucas de Lima

    2010-04-01

    Full Text Available Os Coleópteros podem ser encontrados nos mais variados habitats terrestres e até aquáticos, com isso se alimentam de toda a sorte de matéria vegetais e animais encontradas pelo mundo. Com tanta diversidade, para se compreender melhor sua biologia e seus hábitos alimentares eles foram categorizados em cinco grupos tróficos: carnívoros, detritívoros, herbívoros, fungívoros e algívoros. Visando identificar as famílias e os hábitos alimentares em Coleoptera adultos, foram realizadas coletas na fazenda da EMPARN–Jiqui (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, em quatro áreas, sendo um Fragmento de Mata Atlântica e três monoculturas: cajueiro anão precoce, coqueiro anão verde e coqueiro híbrido gigante. O tempo foi de 26 semanas consecutivas de 1º de janeiro a 1º julho de 2005. Foi utilizada para a captura dos Coleoptera em cada área uma armadilha do tipo Malaise, na qual foram colecionados 1544 indivíduos de trinta famílias nas quatro áreas amostradas, assim distribuídos: fragmento de mata com maior número de insetos e famílias respectivamente, 692 indivíduos e 28 famílias, seguida pelo coqueiro híbrido gigante com 533 indivíduos e 20 famílias, cajueiro anão precoce com 184 indivíduos e 15 famílias e por último o coqueiro anão verde com apenas 135 indivíduos e 18 famílias. Enquanto que entre os cinco grupos tróficos, quatro foram encontrados: herbívoros, compreendendo 14 famílias; carnívoros, com 9 famílias; detritívoros, 5 famílias; e fungívoros, com apenas 4 famílias; onde as cinco famílias mais numerosas são herbívoras e juntas representam 64% de todos os coleópteros amostrados, e o remanescente de mata tem o maior numero de famílias herbívoras. Com isso o Fragmento de mata demonstra ter uma grande diversidade de entomofauna, sendo um mantenedor e distribuidor mesmo cercado por monoculturas.Wealth of Families and Alimentary Habits in Beetles Captured in the Farm of EMPARN

  11. Hábitos alimentares de escolares adolescentes de Pelotas, Brasil Food habits of adolescent students from Pelotas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilda Borges Neutzling

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a frequência com que escolares adolescentes de Pelotas (RS estão seguindo as recomendações nacionais para uma alimentação saudável. MÉTODOS: Estudo transversal aninhado a um estudo longitudinal em 2004, incluindo adolescentes de 13 e 14 anos matriculados em 32 escolas públicas de Pelotas (RS. A amostra incluiu 2.209 adolescentes. Para avaliação da frequência de consumo alimentar, foi utilizado questionário proposto pelo Instituto Nacional do Câncer. Foram construídos desfechos baseados nos dez passos para a alimentação saudável propostos pelo Ministério da Saúde do Brasil. RESULTADOS: Os hábitos alimentares saudáveis mais frequentes foram o consumo diário de feijão e leite, relatado por cerca de metade dos adolescentes. Quase metade dos jovens referiu ingerir batata frita e salgadinhos no máximo uma vez por semana. Verificou-se consumo adequado de alimentos conservados e enlatados em 44,6% dos adolescentes. Pouco menos da metade dos jovens (43,6% nunca colocava sal adicional na comida. Quanto ao consumo de doces e outros alimentos ricos em açúcar, constatou-se que aproximadamente um terço deles consumia bolos ou biscoitos no máximo duas vezes por semana. CONCLUSÃO: Verificou-se baixa frequência de hábitos alimentares saudáveis em todos os subgrupos estudados, sendo a frequência mais baixa entre jovens de maior nível socioeconômico e entre as meninas. O hábito alimentar que apresentou mais baixa frequência - 5,3% dos adolescentes - foi o consumo de frutas e verduras cinco ou mais vezes por dia. Políticas públicas de promoção da saúde voltadas à melhoria da alimentação e nutrição dos adolescentes são necessárias e urgentes.OBJECTIVE: This study aimed to describe the extent to which adolescent students living in Pelotas, Brazil, follow the national recommendations for healthy eating. METHODS: A cross-sectional study was undertaken in 2004, nested to a longitudinal project

  12. Consumo de bebida alcoólica e adiposidade abdominal em doadores de sangue Consumo de bebida alcohólica y adiposidad abdominal en donadores de sangre Alcohol consumption and abdominal fat in blood donors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Gonçalves Ferreira

    2008-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar a associação entre o consumo de bebidas alcoólicas e adiposidade abdominal. MÉTODOS: Estudo transversal com uma amostra de homens doadores de sangue (N=1.235, de 20 a 59 anos, em Cuiabá (MT, realizado de agosto/1999 a janeiro/2000. Os indicadores de adiposidade abdominal foram circunferência da cintura e relação cintura/quadril, ajustados pela adiposidade total. As medidas aferidas foram: peso, estatura, circunferências da cintura e do quadril. O consumo de álcool foi avaliado utilizando-se um questionário sobre tipo, freqüência e quantidade da bebida consumida. A associação entre o consumo de álcool e adiposidade abdominal foi analisada por regressão linear múltipla, com os modelos ajustados para idade, atividade física, tabagismo e adiposidade total. RESULTADOS: Após ajuste, a circunferência da cintura e a relação cintura quadril mantiveram-se associadas positivamente ao consumo de cerveja (p=0,02 e ao total de álcool consumido (p=0,01 e 0,03, respectivamente. O consumo de aguardente mostrou associação somente com a circunferência da cintura (p=0,04. CONCLUSÕES: O consumo de álcool, particularmente de cerveja, associou-se com a localização abdominal de gordura.OBJETIVO: Analizar la asociación entre el consumo de bebidas alcohólica y adiposidad abdominal. MÉTODOS: Se efectuó estudio transversal con una muestra de hombres donadores de sangre (N= 1.235, de 20 a 59 años, en Cuiabá (Centro-Oeste de Brasil, realizado de agosto/1999 a enero/2000. Los indicadores de adiposidad abdominal fueron circunferencia de la cintura y relación cintura/cuadril, ajustadas por la adiposidad total. Las medidas verificables fueron: peso, estatura, circunferencias de la cintura y del cuadril. El consumo de alcohol fue evaluado utilizándose un cuestionario sobre tipo, frecuencia y cantidad de la bebida consumida. La asociación entre el consumo de alcohol y adiposidad abdominal fue analizada por regresi

  13. ATIVIDADE DE DETERRÊNCIA ALIMENTAR DO ÓLEO ESSENCIAL DE LARANJA AMARGA SOBRE Helicoverpa armigera HÜBNER

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Victor Luiz de Souza Lima

    2017-01-01

    Full Text Available Diversas plantas possuem compostos secundários com propriedades inseticidas e o óleo essencial de laranja amarga mostra-se com grande potencial para o controle de pragas. Recentemente, foi registrada no Brasil a espécie Helicoverpa armigera, uma das maiores pragas da agricultura mundial. Tendo em vista a falta de métodos alternativos aos inseticidas para o controle dessa praga, o objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos do óleo essencial de laranja amarga sobre H. armigera. Foi realizado um teste de escolha para avaliar a atividade deterrente. Folhas de tomate foram imersas em soluções contendo óleo de laranja amarga em três concentrações (1, 10 e 100 mg L-1. As folhas tratadas com óleo e folhas não tratadas foram oferecidas à lagartas de segunda instar e após 24h foi calculado o índice de deterrência alimentar (IDA. A concentração de 1 mg L-1 apresentou 71% de deterrência alimentar. Porém as concentrações de 10 e 100 mg L-1 causaram fitotoxidez às folhas de tomate, inviabilizando o consumo pelas lagartas e a estimativa do IDA. Novos testes devem ser realizados com concentrações menores para evitar a fitotoxidez.

  14. A reciclagem de resíduos plásticos pós-consumo em oito empresas do Rio Grande do Sul

    OpenAIRE

    Aline Marques Rolim

    2000-01-01

    O tema do presente estudo é a reciclagem de resíduos plásticos pós-consumo. Resíduos pósconsumo são resíduos provenientes do descarte de produtos pelos consumidores A sua reciclagem permite a recuperação do seu valor econômico, através do seu reaproveitamento como matéria-prima, e a redução do volume de resíduos a serem dispostos em aterros, contribuindo para o desenvolvimento sustentável. Além disso, esta atividade tende a crescer, uma vez que o consumo do plástico vem aumentando no Brasil, ...

  15. RESPOSTAS DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA HEPÁTICA E CEREBRAL EM FUNÇÃO DE DIFERENTES NÍVEIS DE RESTRIÇÃO ALIMENTAR: I – FOSFATASE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Olga Maria Mascarenhas Faria de Oliveira

    2007-01-01

    Full Text Available O estudo foi feito para determinar a influência de restrição alimentar estabelecida em vários níveis sobre a atividade enzimática de algumas enzimas. Foram alimentados ratos machos com dieta comercial ad libitum (grupo controle e com restrição de 30% e 40% (grupos experimentais. Após o período experimental que teve duração de 28 dias, os animais foram sacrificados e os fígados, cérebros e rins removidos, homogeneizados e submetidos a diferentes velocidades de centrifugação e, em cada etapa foram realizados estudos cinético-enzimáticos das referidas enzimas e dosagem protéica. Os resultados mostraram que a restrição alimentar afeta a quantidade das enzimas fosfatase alcalina e amilase, além do conteúdo protéico, levando a significativo aumento ou diminuição de acordo com o grau de restrição e com a fase do fracionamento centrífugo estudada. O mesmo observou-se para o exercício físico.

  16. Adesao ao guia alimentar para populacao brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliseu Verly Junior

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a adesão ao Guia Alimentar para População Brasileira. MÉTODOS : Amostra composta por participantes do Inquérito de Saúde de São Paulo (n = 1.661 que preencheram dois recordatórios de 24 horas. Foi utilizado modelo bivariado de efeito misto para a razão entre o consumo de energia do grupo de alimentos e o consumo calórico total. A razão estimada foi utilizada para calcular o percentual de indivíduos com consumo abaixo ou acima da recomendação. RESULTADOS : Pelo menos 80,0% da população consome abaixo do recomendado para: leite e derivados; frutas e sucos de frutas; e cereais, tubérculos e raízes; aproximadamente 60,0% para legumes e verduras; 30,0% para feijões; e 8,0% para carnes e ovos. Adolescentes apresentaram a maior inadequação para legumes e verduras (90,0%, e o estrato de maior renda foi associado à menor inadequação para óleos, gorduras e sementes oleaginosas (57,0%. CONCLUSÕES : Foi observado consumo inadequado dos grupos de alimentos relacionados com aumento do risco de doenças crônicas.

  17. Studying the central control of food intake and obesity in rats Estudando em ratos o controle central da ingestão alimentar e a obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliane Beraldi Ribeiro

    2009-02-01

    -se, em seguida, sobre os princípios da microdiálise cerebral. Esta técnica é utilizada para obter amostras representativas do líquido extracelular de regiões cerebrais envolvidas no controle da ingestão alimentar. Os níveis de serotonina, um importante neurotransmissor anorexígeno, são medidos no dialisato por cromatografia líquida de alta pressão com detecção eletroquímica. Utiliza-se a técnica de immunoblot (Western blot para determinar os níveis hipotalâmicos de proteínas importantes na ação anorexigênica da serotonina e também para analisar a ativação aguda da cascata de sinalização da insulina no hipotálamo. A seção final aborda o grande potencial da análise proteômica no estudo do controle central da ingestão.

  18. Consumo de antioxidantes durante tratamento quimioterápico Antioxidants consumption during chemotherapy treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Cavali Rohenkohl

    2011-06-01

    Full Text Available RACIONAL: O câncer é definido como enfermidade multicausal crônica, em que as células possuem crescimento descontrolado. Resulta de vários fatores, sendo um dos principais, a dieta inadequada. As fases de iniciação, promoção e progressão de carcinogênese têm sido frequentemente relacionadas ao estresse oxidativo. OBJETIVO: Verificar o consumo de antioxidantes em pacientes com câncer durante os diferentes ciclos de quimioterapia. MÉTODOS: Estudo descritivo exploratório, incluindo pacientes em tratamento quimioterápico em ambulatório de quimioterapia. Para investigar o consumo de antioxidantes foi elaborado um questionário de frequência alimentar semi-quantitativo (QFASQ e uma ficha de anamnese clinica - nutricional. RESULTADOS: Amostra foi composta por 30 pacientes com idade média de 56,4±2,3 anos. De acordo com o consumo diário representado pelos ciclos, houve adequado consumo de vitamina C, vitamina E e Zinco e inadequado consumo de vitamina A e Selênio. Ao dividir a tabela estudada segundo os quatro quartis de consumo diário de antioxidantes, houve consumo adequado de vitamina A em 25% da amostra e inadequado de vitamina C, vitamina E, zinco em 25% da amostra e de também selênio em todos os ciclos. Entre as fontes alimentares consideradas ricas nos antioxidantes estudados, as mais consumidas foram cenoura, espinafre, mamão, laranja, óleo de soja, óleo de girassol, carne vermelha, queijo e carne de frango. CONCLUSÃO: A população estudada atingiu o consumo diário recomendado para os antioxidantes analisados quando dividida nos ciclos do tratamento, mas houve porcentagem alta de consumo inadequado quando dividida nos quartis. Desta forma, a orientação nutricional é um fator indispensável para auxiliar na prevenção e controle do câncer.BACKGROUND: The cancer is defined as chronic multifactorial disease, in which cells have uncontrolled growth. Several factors contribute to its development, one of them is

  19. Formas de as escolas se relacionarem com a cultura da mídia e do consumo em tempos contemporâneos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariangela Momo

    2016-09-01

    Full Text Available Considerou-se a proeminência da cultura da mídia e do consumo na vida de grande parte dos alunos e indivíduos que habitam a instituição escola nos grandes centros urbanos em tempos contemporâneos. Com base no arcabouço teórico da criatividade de Mitjáns Martínez e dos estudos sobre a cultura da mídia e do consumo, tais como os de Bauman, desenvolveu-se uma pesquisa durante o ano de 2015 tendo como objetivo interpretar as principais formas de quatro escolas públicas do Distrito Federal/Brasil se relacionarem com a cultura da mídia e do consumo. A partir de informações produzidas nas escolas por meio de entrevistas, observações, fotografias e análise documental, constatou-se que há três principais formas: a incorporação e/ou reprodução da cultura da mídia e do consumo; sua normatização e/ou proibição; e formas criativas de lidar com ela. Conclui-se que, de alguma forma, as escolas precisam lidar com essa cultura, que se mostra, em grande medida, inevitável, e a criatividade no trabalho pedagógico é uma alternativa possível e necessária diante dessa cultura.

  20. INFLUÊNCIA DO CONSUMO DE ARROZ OU DE MACARRÃO NO DESEMPENHO E RESPOSTA METABÓLICA EM RATOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CRISTIANE CASAGRANDE DENARDIN

    2010-03-01

    Full Text Available

    O objetivo deste trabalho foi comparar o efeito do consumo de dietas elaboradas com arroz branco IRGA 417 e macarrão tipo espaguete sobre o desempenho e resposta metabólica em ratos. Foram utilizados ratos machos Wistar alimentados com rações experimentais isonutritivas, compostas dos respectivos ingredientes como principal fonte energética. O ganho de peso, consumo, concentração plasmática de albumina, proteínas totais, peso do fígado e gordura epididimal não foram afetados pelo consumo de arroz ou macarrão. Os animais submetidos ao tratamento com macarrão apresentaram menor produção de fezes úmidas e secas, nitrogênio nas fezes e colesterol HDL, e maior digestibilidade da matéria seca, concentração plasmática de ácido úrico, colesterol total, peso dos rins e pâncreas do que os animais alimentados com arroz. Desta forma, o crescente consumo de macarrão em detrimento do arroz pela população brasileira poderia estar relacionado com o aumento na incidência de desnutrição protéica e obesidade adulta e infantil, além de agravar o quadro clínico de pacientes com hiperuricemia.

  1. Food frequency consumption and lipoproteins serum levels in the population of an urban area, Brazil Freqüência de consumo alimentar e níveis séricos de lipoproteínas na população de Cotia, SP, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélida Schmid Fornés

    2000-08-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To identify the association between food group consumption frequency and serum lipoprotein levels among adults. METHODS: The observations were made during a cross-sectional survey of a representative sample of men and women over 20 years old living in Cotia county, S. Paulo, Brazil. Data on food frequency consumption, serum lipids, and other covariates were available for 1,045 adults. Multivariate analyses adjusted by age, gender, body mass index, waist-to-hip ratio, educational level, family income, physical activity, smoking, and alcohol consumption were performed. RESULTS: Consumption of processed meat, chicken, red meat, eggs and dairy foods were each positively and significantly correlated with LDL-C, whereas the intake of vegetables and fruits showed an inverse correlation. Daily consumption of processed meat, chicken, red meat, eggs, and dairy foods were associated with 16.6 mg/dl, 14.5 mg/dl, 11.1 mg/dl, 5.8 mg/dl, and 4.6 mg/dl increase in blood LDL-C, respectively. Increases of daily consumption of fruit and vegetables were associated with 5.2 mg/dl and 5.5 mg/dl decreases in LDL-C, respectively. Alcohol beverage consumption showed a significant positive correlation with HDL-C. CONCLUSIONS: Dietary habits in the study population seem to contribute substantially to the variation in blood LDL and HDL concentrations. Substantially CHD risk reduction could be achieved with dietary changes.OBJETIVO: Identificar a associação entre a freqüência de consumo de diferentes grupos de alimentos e níveis de lipídios séricos de adultos. MÉTODOS: As observações pertencem a um estudo transversal e correspondem a uma amostra representativa de 1.045 adultos de ambos os sexos, de 20 anos ou mais, residentes no município de Cotia, SP, Brasil. Foram determinados a ingestão de alimentos pela freqüência de consumo alimentar, níveis de lipídios séricos e outras variáveis. Foram elaborados modelos de regressão linear m

  2. Dietary recommendations: comparing dietary guidelines from Brazil and the United States Recomendações dietéticas: comparação entre os guias alimentares brasileiro e americano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosely Sichieri

    2010-11-01

    Full Text Available The Brazilian dietary guidelines are based in part on mainstream United States' recommendations, in spite of the criticisms and shortcomings of the American guidelines. In this paper, Brazilian food guidelines are summarized and discussed in comparison with the USA recommendations. American and Brazilian dietary recommendations are quite similar in many aspects, particularly those related to variety in the diet, the importance of physical activity and weight management. Different to American guidelines, those from Brazil advise people to choose fresh foods, to prefer healthier types of fat, to limit trans fat intake and to eat good sources of protein, but does not recommend the consumption of whole grains. Besides the challenges related to their implementation, indicators for the evaluation of the effectiveness of these guidelines should be established from the beginning, particularly those related to changes in dietary habits and the prevalence of obesity.O guia alimentar brasileiro é baseado parcialmente nas recomendações americanas a despeito das críticas e problemas identificados no documento dos Estados Unidos. Neste artigo, as recomendações alimentares para o Brasil são resumidas e discutidas em comparação com as recomendações estadunidenses. Os guias alimentares brasileiro e americano são bastante similares em diversos aspectos, particularmente aqueles relacionados com a variação da dieta, a importância da atividade física e o gerenciamento do peso. Diferentemente dos Estados Unidos, o guia brasileiro estimula o consumo de alimentos frescos, aconselha o uso de fontes saudáveis de gorduras, a limitação do consumo de gordura trans, o consumo de boas fontes de proteínas, mas não indica o consumo de grãos integrais. Além dos desafios relacionados com a sua implantação, os indicadores para a avaliação da eficácia dos guias alimentares devem ser estabelecidos desde sua implantação, particularmente, os relacionados

  3. Insegurança alimentar das famílias residentes em municípios do interior do estado da Paraíba, Brasil Household food insecurity in municipalities of the Paraíba State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Pinheiro de Toledo Vianna

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar a prevalência de segurança alimentar e dos diferentes graus de insegurança alimentar entre famílias residentes em 14 municípios da Paraíba e a relacionar com o perfil social, demográfico e econômico destas famílias. MÉTODOS: Realizou-se inquérito populacional no qual 4.533 famílias foram entrevistadas. Utilizou-se questionário para avaliar as características sócio-demográficas, juntamente com a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Foram calculadas medidas de prevalência e verificada a associação entre as variáveis do estudo pelo teste qui-quadrado. Ajustou-se um modelo de regressão logística para examinar a associação dos fatores de risco à segurança e à insegurança alimentar. RESULTADOS: Observou-se prevalência de 11,3% de insegurança alimentar grave, 17,6% de insegurança moderada, 23,6% de insegurança leve; 47,5% da população foi classificada em situação de segurança alimentar. As áreas rurais apresentaram pior situação. O principal motivo referido para insegurança alimentar foi a falta de dinheiro para aquisição de comida. A regressão logística final foi composta por três variáveis: baixa renda familiar per capita (R$25,00 versus R$300,00, Odds Ratio=19,10, moradia precária (Odds Ratio=1,98 e falta de água permanente (Odds Ratio=1,38. As famílias do menor estrato de renda apresentaram menor prevalência de insegurança alimentar grave, quando incluídas em programas sociais. CONCLUSÃO: A prevalência de insegurança alimentar foi elevada. O instrumento utilizado demonstrou ser uma ferramenta importante de avaliação da situação de segurança alimentar e útil para o monitoramento de políticas públicas, como é o caso dos programas sociais que integram a estratégia Fome Zero do Governo Federal.OBJECTIVE: The objective of this study was to identify the prevalence of household food security in 14 municipalities of Paraiba State and examine its association with

  4. Comportamento alimentar e imagem corporal em atletas Comportamiento alimentario e imagen corporal de los atletas Eating behavior and body image in athletes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fátima Palha de Oliveira

    2003-11-01

    Full Text Available O ambiente esportivo pode ser um meio ampliador de pressões socioculturais motivadas pelo ideal de corpo magro. A presente investigação teve o objetivo de verificar a presença de comportamentos sugestivos de transtornos do comportamento alimentar (TCAs, de alterações na imagem corporal e de disfunções menstruais em atletas da EEFD-UFRJ. Foram avaliadas 12 atletas do sexo feminino (20 ± 2,0 anos com 4,6 ± 2,3 anos de treinamento (13,8 ± 2,9h/semana e seus resultados foram comparados com os de 32 jovens não-atletas (15,0 ± 1,4 ano. A avaliação de atitudes e comportamentos relacionados com a alimentação e o controle de peso foi realizada pelo Eating Attitudes Test (EAT-26, a existência de comportamentos sugestivos de bulimia nervosa pelo Bulimic Investigatory Test Edimburgh (BITE e o grau de insatisfação com a imagem corporal pelo Body Shape Questionnaire (BSQ. Esses são instrumentos de auto-aplicação e foram usados na versão em português. As atletas apresentavam massa corporal total de 59 ± 7,3kg, estatura de 1,65 ± 0,03m, percentual de gordura corporal (%G 23,1 ± 4,1% e índice de massa corporal (IMC de 21,6 ± 2,3kg/m². O BSQ apontou que 33% das atletas apresentam leve distorção da imagem corporal mesmo estando com valores para gordura corporal dentro de padrões esperados para a idade e sexo. O BITE apontou 16,6% das atletas com padrão alimentar não-usual na escala de sintomas, sem que estas apresentassem expressão na escala de gravidade. As atletas com padrão alimentar não-usual estão incluídas no total sugestivo de distorção de imagem corporal. O EAT-26 exibiu resultado negativo para todas as atletas. Os resultados encontrados na análise sugerem a presença de sintomas que não caracterizam, precisamente, a bulimia nervosa ou a anorexia nervosa, mas ressaltam a necessidade de avaliação e vigilância mais criteriosas da existência de TCA e seus precursores no ambiente esportivo, como forma de preven

  5. RESPOSTAS DA ATIVIDADE ENZIMÁTICA HEPÁTICA E CEREBRAL EM FUNÇÃO DE DIFERENTES NÍVEIS DE RESTRIÇÃO ALIMENTAR: I – FOSFATASE

    OpenAIRE

    Olga Maria Mascarenhas Faria de Oliveira; Maria Cristina Rolfsen Belda; Luzia Naoko Shinohara

    2007-01-01

    O estudo foi feito para determinar a influência de restrição alimentar estabelecida em vários níveis sobre a atividade enzimática de algumas enzimas. Foram alimentados ratos machos com dieta comercial ad libitum (grupo controle) e com restrição de 30% e 40% (grupos experimentais). Após o período experimental que teve duração de 28 dias, os animais foram sacrificados e os fígados, cérebros e rins removidos, homogeneizados e submetidos a diferentes velocidades de centrifugação e, em cada etapa ...

  6. Prevalência e fatores associados à prescrição/solicitação de suplementação alimentar em recém-nascidos

    OpenAIRE

    Josilene Maria Ferreira PINHEIRO; Taiana Brito MENÊZES; Kátia Maria Fernandes BRITO; Andressa Názara Lucena de MELO; Dayanna Joyce Marques QUEIROZ; Thaiz Mattos SUREIRA

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo Identificar a prevalência da utilização de suplemento alimentar em recém-nascidos e avaliar as características, os solicitantes e os motivos justificados para sua utilização em um "Hospital Amigo da Criança". Métodos Trata-se de estudo do tipo transversal, realizado com 113 díades mãe e filho de um hospital universitário com o título de "Amigo da Criança", no período de agosto de 2012 a fevereiro de 2013. A partir de um questionário estruturado, foram coletadas informações s...

  7. Avaliação da adequação nutricional dos alimentos consumidos em um Centro Integrado de Educação Pública (CIEP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina V. da Silva

    1995-12-01

    Full Text Available O trabalho tem como objetivo geral avaliar a adequação nutricional dos alimentos consumidos em um Centro Integrado de Educação Pública da cidade de Americana, São Paulo. Os dados relativos ao consumo alimentar de 442 crianças de sete a 15 anos foram obtidos através da aplicação de inquérito recordatório, relativo ao consumo de 24 horas. Para a transformação dos alimentos ingeridos em energia e nutrientes, utilizou-se Tabela de Composição de Alimentos. O estabelecimento das recomendações nutricionais foi baseado no padrão definido para a população brasileira. Verificou-se que o consumo alimentar a partir dos oito anos é insuficiente para atender às necessidades energéticas das crianças. O aporte de proteína revelou-se muito acima das quantidades recomendadas para o consumo desse nutriente. Para todas as idades, a contribuição do ferro atinge valores satisfatórios. Com relação às vitaminas, destaca-se a contribuição média das refeições quanto à vitamina C, em, torno de 72%. Enfatiza-se a necessidade de que o programa seja baseado em diagnósticos prévios do estado nutricional da população alvo e de consumo alimentar doméstico, bem como recomenda-se o desenvolvimento de estudos visando a conhecer os reais motivos que condicionam o baixo consumo de alimentos, principalmente entre as crianças mais velhas.

  8. Ganho de peso, conversão alimentar, ingestão diária de nutrientes e digestibilidade de garrotes não-castrados de três grupos genéticos em recria e terminação Weigh gain, feed conversion, daily ingestion of nutrients and apparent digestibility of bulls of three genetic groups in growing and termination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique Jorge Fernandes

    2004-12-01

    Full Text Available Para se avaliar o desempenho (ganho de peso e conversão alimentar, o consumo de nutrientes e a digestibilidade aparente de vários nutrientes, foram utilizados 36 garrotes inteiros, 12 Nelore, 12 ½ sangue Holandês-Nelore e 12 ½ sangue Caracu-Nelore. Foram utilizados animais em recria, com peso inicial próximo a 205 kg, e animais em terminação, com aproximadamente a 310 kg. Os animais foram mantidos em regime de confinamento até o abate, realizado de acordo com peso: 310 a 330 kg PV para os animais em recria e 450 a 480 kg PV para aqueles em terminação. Foi fornecida a mesma dieta a todos os animais, com 50% da matéria seca à base de concentrado e o restante de silagem pré-seca de coastcross. Os animais foram alimentados ad libitum e pesados a cada 28 dias. Foram retiradas amostras semanais de ração e de sobras individuais, que foram agrupadas em amostras para cada período de 28 dias. Realizou-se um ensaio de digestibilidade no 50º dia de experimento. Não se observou efeito significativo de grupo genético sobre o consumo de matéria seca (6,06 kg/dia para recria e 9,05 kg/d para a terminação, ganho de peso vivo (0,994 kg/d e 1,293 kg/d para a recria e terminação, respectivamente ou para os coeficientes de digestibilidade dos nutrientes analisados. Os animais ½ sangue Caracu-Nelore da categoria recria apresentaram conversão alimentar 30% maior que aqueles dos demais grupos genéticos. A ingestão de NDT esteve, em média, 26% abaixo dos valores preditos pelo NRC (1996 para animais com estes pesos vivos e valores de ganho de peso.Thirty-six young bulls (12 Nellore, 12 ½ crossbred Holstein x Nellore, and 12 crossbred ½ Caracu x Nellore were used to evaluate weight gain, feed conversion, ingestion capacity and apparent digestibility of various nutrients. We use growing and finishing animals. The growing animals had initial weight of 205 kg, and the finishing ones, initial weight of 310 kg. The animals were fedlot to reach

  9. Imagem corporal e comportamentos de risco para transtornos alimentares em bailarinos profissionais Body image and risk behavior for eating disorders in professional ballet dancers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lena Guimarães Ribeiro

    2010-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO E OBJETIVO: A grande preocupação com a aparência e a forma física e a constante pressão para manterem baixo peso corporal são fatores que levam a distorções da imagem corporal e tornam os bailarinos um grupo de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares (TA. O objetivo deste estudo foi avaliar a percepção da imagem corporal e sua associação com comportamentos de risco para TA em bailarinos profissionais. MÉTODOS: Foram estudados 61 bailarinos (39 mulheres e 22 homens de uma instituição representante da elite do balé clássico brasileiro. A avaliação dos comportamentos de risco para TA foi feita com base nas versões em português dos questionários Eating Attitudes Test (EAT-26 e Bulimic Investigatory Test Edinburgh (BITE. A Escala de Silhuetas de Stunkard foi utilizada para avaliação da percepção da imagem corporal. A associação entre as variáveis foi avaliada com base na razão de prevalência (RP e seus respectivos intervalos de confiança (IC de 95%. RESULTADOS: Trinta e um bailarinos (50,8% gostariam de ter a silhueta menor que a autopercebida como usual. A presença de comportamentos de risco para TA foi 2,71 vezes maior (IC 95% = 1,02 - 7,18 entre os que desejavam ter silhueta menor que a usual e 2,64 vezes maior (IC 95% = 1,20 - 5,80 entre aqueles que desejavam ter silhueta menor que a considerada mais saudável, quando comparados com os que estavam satisfeitos com a sua silhueta. CONCLUSÃO: A alta frequência de insatisfação com o corpo encontrada pode estar colaborando para ocorrência de comportamentos de risco para TA nos bailarinos investigados.INTRODUCTION AND OBJECTIVE: Great concern with physical appearance and fitness as well as constant pressure in maintaining low body weight make ballet dancers a risk group for the development of eating disorders (ED. The objective of the present study was to evaluate the body image perception and its association with risk behavior for ED

  10. Controlo da qualidade em águas para consumo humano: estimativa de incertezas e validação de métodos

    OpenAIRE

    Frazão, Patrícia Alexandra Caetano

    2015-01-01

    No âmbito deste trabalho foram realizados dois estudos, ambos aplicados ao controlo da qualidade em águas para consumo humano, no Laboratório da Águas do Mondego, S.A.. A incerteza é um parâmetro associado ao resultado de uma medição – e indissociável deste. Caracteriza a dispersão de valores que se pode atribuir à grandeza medida. Pode ser considerada como uma medida da qualidade do resultado, pois quanto menor a incerteza maior a qualidade dos resultados obtidos. Foi estim...

  11. Atividade física, consumo de lipídios e fatores de risco para aterosclerose em adolescentes Actividad física, consumo de lípidos y factores de riesgo para aterosclerosis en adolescentes Physical activity, lipid consumption and risk factors for atherosclerosis in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wagner de Campos

    2010-05-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A aterosclerose é a doença coronariana que acomete com maior frequência a população adulta brasileira. Embora seja uma doença predominantemente adulta, os fatores de risco associados podem surgir em indivíduos jovens. OBJETIVO: Verificar a associação do nível de atividade física (NAF e o consumo de lipídios com os fatores de risco para aterosclerose em adolescentes. MÉTODOS: Foram avaliados 260 meninos e 237 meninas com idades entre 10-18 anos. O nível de atividade física foi estimado através do recordatório proposto por Bouchard e cols.. O consumo de lipídios foi avaliado através do inquérito alimentar desenvolvido por Sichieri e Everhart. A pressão arterial foi mensurada utilizando um esfigmomanômetro de coluna de mercúrio. O colesterol total, o HDL-C e os triglicérides foram determinados através do método enzimático-colorimétrico. O LDL-C foi calculado pela fórmula de Friedewald. Na análise estatística, foi empregada a regressão logística, com nível de significância estipulado em p FUNDAMENTO: La aterosclerosis es la enfermedad coronaria que afecta con mayor frecuencia a la población adulta brasilera. Aún cuando se trata de una enfermedad predominantemente de adultos, los factores de riesgo asociados pueden surgir en individuos jóvenes. OBJETIVO: Verificar la asociación del nivel de actividad física (NAF y el consumo de lípidos con los factores de riesgo para aterosclerosis en adolescentes. MÉTODOS: Fueron evaluados 260 niños y 237 niñas con edades entre 10 y 18 años. El nivel de actividad física fue estimado a través del recordatorio propuesto por Bouchard et al. El consumo de lípidos fue evaluado mediante una encuesta alimentaria desarrollada por Sichieri y Everhart. La presión arterial se midió utilizando un esfigmomanómetro de columna de mercurio. El colesterol total, el HDL-C y los triglicéridos fueron determinados por el método enzimático-colorimétrico. El LDL-C se

  12. Resíduo proveniente do beneficiamento do feijão (Phaseolus vulgaris L. em rações para vacas em lactação: consumo, digestibilidade, produção e composição do leite e eficiência de alimentação Residue from common bean (Phaseolus vulgaris L. processing in the rations for milking cows: intake, digestibility, milk production and composition and feeding efficiency

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Rodrigues Magalhães

    2008-03-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do farelo de soja pelo resíduo de feijão comum (Phaseolus vulgaris L. em rações para vacas em lactação sobre as seguintes variáveis: consumos e digestibilidades totais aparentes dos nutrientes, produção e composição do leite e eficiência alimentar. Foram utilizadas 12 vacas da raça holandesa, distribuídas em três quadrados latinos 4 ´ 4, balanceados. Os animais receberam rações completas ofertadas ad libitum, contendo 0; 13; 26 e 39% de resíduo de feijão cru no concentrado, em substituição ao farelo de soja. Os consumos de matéria seca (MS, matéria orgânica (MO, carboidratos não-fibrosos (CNF e de nutrientes digestíveis totais (NDT diminuíram linearmente com o aumento dos níveis de feijão no concentrado. Os consumos de fibra em detergente neutro (FDN e de fibra em detergente neutro indigestível (FDNi não foram afetados pelas dietas e os consumos de proteína bruta (PB e extrato etéreo (EE apresentaram comportamento cúbico. Os coeficientes de digestibilidades (CD de MS, MO, EE e FDN não foram afetados pelas dietas, enquanto os de PB e CNF apresentaram comportamento linear decrescente e crescente, respectivamente. A produção e a composição do leite (gordura, proteína, lactose, extratos secos desengordurado e total, quando expressas em kg/dia, apresentaram redução linear para os níveis crescentes de substituição. Não houve diferença entre os tratamentos para as eficiências de alimentação. A inclusão do resíduo de feijão às dietas ocasionou redução no desempenho dos animais.This work was carried out with the objective to evaluate the effect of replacement of soybean meal by common bean (Phaseolus vulgaris L. residue in rations for milking cows on the following variables: intakes and total apparent digestibilities of nutrients, milk production and composition and feeding efficiency. Twelve Holstein cows were

  13. Estudo sobre a ocorrência de surtos alimentares em uma região do Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais | Study on the occurrence of food outbreaks in a region of the Jequitinhonha Valley, Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júnia Mariana Rodrigues dos Santos

    2017-08-01

    Full Text Available Introdução: A ocorrência de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar é uma preocupação mundial na Saúde Pública. Objetivo: O objetivo deste trabalho foi caracterizar a ocorrência dos surtos alimentares em uma região do Vale do Jequitinhonha em Minas Gerais, entre os anos de 2008 a 2014, antes e após a intervenção do PET-Saúde/Vigilância em Saúde. Método: Os dados foram retirados de relatórios impressos e de fichas de notificações disponíveis nos sistemas de informação. Resultados: Foram investigados 76 surtos, destes, apenas 34,1% notificados oportunamente. As ações realizadas pela equipe PET-Saúde/Vigilância em Saúde entre 2010 e 2012 impactaram, positivamente, no aumento do número de notificações de surtos alimentares. A maioria destes surtos ocorreu em residências (47,4%, atingiu indivíduos adultos (30,4% e apresentou como manifestações clínicas: diarreia (29,5%, vômitos (23,5% e dores abdominais (16,3%. Na análise das notificações, 81,6% não apresentavam o fator causal e apenas 31,0% informaram o agente etiológico. Conclusões: A intervenção do PET-Saúde/Vigilância em Saúde representou um fator importante no fortalecimento da vigilância de surtos alimentares na região do Vale do Jequitinhonha estudada, contudo persistem dificuldades relacionadas a notificação tardia, a presença de falhas e de lacunas no registro dos dados e o baixo número de coletas clínicas e bromatológicas. ======================================== Introduction: The occurrence of water and food transmission diseases is a worldwide concern in Public Health. Objective: The objective of this study was to characterize the occurrence of food outbreaks in a region of the Jequitinhonha Valley in the State of Minas Gerais between 2008 and 2014, before and after the intervention of the PET-Health/Surveillance in Health. Method: Data were taken from printed reports and information sheets available in information systems

  14. Consumo de drogas, opinião pública e moralidade: motivações e argumentos baseados em uso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Venturi

    Full Text Available Resumo Este artigo analisa dados de um survey nacional de 2013, representativo da população brasileira com 16 anos e mais, que abordou percepções, práticas e opiniões sobre o uso de drogas psicoativas no Brasil. Descreve o comportamento de diferentes segmentos sociodemográficos quanto ao consumo de álcool, tabaco e drogas ilícitas, relacionando-o a uma escala atitudinal, construída como síntese de oito variáveis com opiniões sobre consumo e política para drogas hoje ilegais. Recorre à técnica de regressão logística multinomial para identificar as variáveis preditoras de dois posicionamentos à primeira vista contraditórios, em termos de dissonância entre comportamento declarado e atitude manifesta: os usuários de drogas ilícitas proibicionistas – favoráveis à manutenção da política de drogas vigente, que criminaliza o consumo e prioriza o enfoque do problema como questão de segurança pública – e os não usuários antiproibicionistas. Analisa tais posicionamentos à luz da teoria psicossocial construtivista da moralidade, desenvolvida por Jean Piaget e Lawrence Kohlberg, expondo seu potencial para compreendê-los e para abordar a discussão das políticas públicas voltadas para lidar com o fenômeno universal do consumo de substâncias psicoativas.

  15. Conteúdo alimentar em macrófitas aquáticas carnívoras: Utricularia foliosa L. e U. hydrocarpa Vahl. (Tubiflorae, Lentibulariaceae Feeding contents of Urticularia foliosa L. and U. hydrocarpa Vahl. (Tubiflorae, Lentibulariaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Antônio Rodrigues Barbosa

    2002-05-01

    Full Text Available Neste estudo, foram considerados os aspectos qualitativos e quantitativos do conteúdo alimentar de Utricularia foliosa e U. hydrocarpa (Tubiflorae, Lentibulariaceae, para uma avaliação do impacto dessas plantas no controle de populações de organismos aquáticos. As plantas foram coletadas em dois lagos situados no entorno do Parque Estadual do Rio Doce, Estado de Minas Gerais (lagoa Amarela e lagoa da Barra. O conteúdo alimentar dos utrículos foi comparado com o perifíton (microalgas e com o zooplâncton associados aos talos das macrófitas e ao fitoplâncton da coluna de água. Os resultados obtidos indicaram que as duas espécies de Utricularia utilizaram exclusivamente o recurso alimentar disponível no perifíton associado, não fazendo uso das partículas alimentares disponíveis na coluna de água. As elevadas densidades do perifíton no interior dos utrículos (U. foliosa = 362 a 1062org/mm2 e U. hydrocarpa = 79 a 968 org/mm2 sugerem que essas plantas podem exercer um controle potencial sobre as populações de organismos sésseis, com pouca influência sobre as populações planctônicas limnéticas.Qualitative and quantitative aspects of the feeding contents of Utricularia foliosa and U. hydrocarpa (Tubiflorae, Lentibulariaceae were studied in order to assess the impact of these macrophytes in the control of the aquatic organisms populations. The macrophytes were collected in Lagoa Amarela and Lagoa da Barra around Parque Estadual do Rio Doce in the state of Minas Gerais. The feeding contents of the utricle were compared to the perifiton (microalgae and zooplankton associated to the macrophytes stems and the phytoplankton free in the water column. The obtained results indicated that the two species of Utricularia used exclusively the periphyton and did not use the food particles available in the water column. The high densities of the periphyton inside the utricle (U. foliosa = 362 to 1062 org/mm2 and U. hydrocarpa = 79 to 968

  16. Padrões alimentares de mulheres adultas residentes em área urbana no sul do Brasil Dietary patterns of adult women living in an urban area of Southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luisa Sant'Anna Alves

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Explorar a existência de padrões alimentares em mulheres adultas e fornecer dados para validação do instrumento utilizado. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com amostra representativa de 1.026 mulheres adultas (20 a 60 anos de idade, residentes na região do Vale do Rio dos Sinos, Rio Grande do Sul, 2003. O instrumento utilizado para explorar os padrões alimentares foi o Questionário de Freqüência Alimentar, constituído de 70 itens. Para a identificação dos padrões alimentares utilizou-se a análise fatorial de componentes principais. RESULTADOS: O índice de confiança da análise fatorial foi verificado por meio do determinante da matriz de correlação (6,28-4, da medida de adequação amostral (Kaiser-Meyer-Olkin=0,823 e do teste de esfericidade de Bartlett (chi²(1225=7406,39; pOBJECTIVE: To explore the dietary patterns of adult women and to provide information for validating the instrument used. METHODS: A population-based cross-sectional study was carried out in a representative sampling of 1,026 women aged 20 to 60 years living in Southeastern Brazil, in 2003. A 70-item food frequency questionnaire was used to measure food intake. Dietary patterns were identified using principal component analysis. RESULTS: The reliability of factor analysis was assessed through the Kaiser-Meyer-Olkin statistic, that was equal to 0.823, the Bartlett test of sphericity, which reached statistical significance (chi²(1225=7406.39; p<0.001, and the determinant of the correlation matrix (6,28-4. Five dietary patterns were identified, each one consisting of 10 items (foods, which were grouped as healthy food pattern cost 1, healthy food pattern cost 2, healthy food pattern cost 3, risk food pattern cost 1 and risk food pattern cost 3. CONCLUSIONS: There were identified five dietary patterns among adult women. There was a clear difference in terms of the cost of these patterns. These findings suggest that cost may be one of

  17. Aspectos psicobiológicos do comportamento alimentar Psychobiological aspects of feeding behavior

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Passos Beinner Cambraia

    2004-06-01

    Full Text Available Esta revisão aborda alguns aspectos psicobiológicos ligados à manifestação do comportamento alimentar, e tem como objetivo evidenciar a relação entre os principais processos neuropsicológicos e a neurociência nutricional. Algumas estruturas neurais estão associadas ao controle alimentar por mecanismos distintos e correlatos que ocorrem no hipotálamo, hipocampo e em outras áreas como no cerebelo, bulbo olfatório, glândulas pituitária e pineal que exercem funções distintas, porém influênciam o comportamento alimentar, intermediadas geralmente por neurotransmissores comuns. Os precursores dos neuroquímicos apresentam funções específicas, sendo a influência na alimentação relevante no contexto comportamental da escolha de alimentos. Os processos sensoriais na alimentação como paladar, olfato, visão e audição interagem entre si e com outras estruturas e vias neurais, participando também do controle do apetite e da saciedade, que culminam na iniciação e no término da alimentação. A interação entre aspectos neurais no processo de consumo de alimento promove a manifestação do comportamento alimentar específico para cada espécie em seu ambiente.This review shows how some psychobiological aspects are related to feeding behavior manifestation, and has as it objective to provide evidence as to the relation between neuropsychological processes and nutritional neuroscience. Several neural structures are associated with alimentary controls, which are distinct but correlated mechanisms; for example: hypothalamus, hypocampus, cerebellum, olfactory bulb, pituitary and pineal glands, all presenting distinct functions, but affecting feeding behavior directly or indirectly through common neurotransmitters. Neurochemical precursors present specific functions and their influence on feeding is evident in behavioral food selection. The sensory processes in feeding, principally taste, olfaction, vision and hearing, interact with

  18. Effects of Buchenavia tomentosa consumption on female rats and their offspring = Efeitos do consumo de Buchenavia tomentosa em ratas e em suas proles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Viviane Mayumi Maruo

    2010-10-01

    Full Text Available Buchenavia tomentosa Eichler is a common plant in Brazilian cerrado. Fruits of this plant are employed in human feeding and folk medicine. Cattle producers affirm that consumption of the fruits cause abortion in cows, and even death. Considering that the plant may be consumed by pregnant women and animals, the present study was undertaken toevaluate the possible toxic effects of the ingestion of B. tomentosa fruit (10% added to the diet, from the first to the twenty-first days of gestation, on reproductive parameters and on physical and neurobehavioral development of rats offspring. An increase in food consumption at pregnancy days 11 and 17, and weight increase at day 17 of pregnancy were observed. Besides that, we verified an increase in weight of male offspring on post natal day 1. Other parameterswere not affected by plant consumption. These results indicate that the consumption of B. tomentosa at 10% during pregnancy cause slight toxicological effects. The changes verified in the present study indicate toxic action of the fruit possibly induced by flavonoids with hormonal action; however, further studies must be accomplished to corroborate this hypothesis. Buchenavia tomentosa Eichler é uma planta típica do cerrado brasileiro. Os frutos desta planta são empregados na alimentação humana e medicina popular. Criadores de bovinos afirmam que oconsumo desta planta produz aborto em vacas bem como a morte destes animais. Uma vez que a planta pode ser consumida pelo homem e animais, em idade fértil e inclusive gestantes, o presente estudo avaliou os possíveis efeitos tóxicos da ingestão de dieta com 10% de frutos de B. tomentosa do primeiro ao vigésimo primeiro dia de gestação sobre os parâmetros reprodutivos e sobre o desenvolvimento físico e neurocomportamental das ninhadas de ratos. Foram observadaselevações no consumo de alimentos nos dias 11 e 17 de gestação e no peso ao dia 17 de gestação. Aumento do peso dos filhotes

  19. Accidentes y lesiones por consumo de alcohol y drogas en pacientes atendidos en una sala de urgencia Acidentes e lesões por consumo de álcool e drogas em pacientes atendidos em uma sala de urgência Accidents and injuries due to consumption of alcohol or drugs in patients treated at an emergency room

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nora Nelly Oliva Rodríguez

    2010-06-01

    Full Text Available Los propósitos del estudio fueron describir la diferencia del consumo de alcohol por género, escolaridad y ocupación y conocer el efecto de las características sociodemográficas sobre el consumo de alcohol, en 120 pacientes. Los resultados mostraron diferencias significativas por género (t=-3,570, pOs propósitos deste estudo foram descrever a diferença do consumo de álcool por sexo, escolaridade e ocupação e conhecer o efeito das características sociodemográficas sobre o consumo de álcool, em 120 pacientes. Os resultados mostraram diferenças significativas por sexo (t=-3.570; pThe aims of the study were to describe the differences in alcohol consumption by sex, education and occupation and to understand the effects of the socio-demographic characteristics on alcohol consumption, in 120 emergency room patients. The results showed significant differences for sex (t=-3.570, p <.01 and education (t=2.636, p <.01 in alcohol consumption. In addition the factors; age, age alcohol consumption started, quantity of alcohol ingested, age marijuana consumption started, and hours lapsed between the consumption of marijuana and the accident (F7, 116=15.519, p <.00, were also significant on the consumption of alcohol with an explained variance of 40%.

  20. Consumo e Absorção Aparente de Macroelementos Minerais, em Bezerros Alimentados com Dietas Contendo Diferentes Níveis de Volumoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Gherman Garcia Leal de

    2001-01-01

    Full Text Available Avaliaram-se os efeitos de diferentes níveis de volumoso nas dietas sobre o consumo e a absorção aparente (AP de cálcio (Ca, fósforo (P, magnésio (Mg, sódio (Na e potássio (K. Utilizaram-se 40 bezerros, com peso vivo médio inicial de 60 kg, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado e alimentados à vontade com rações na base da MS, com níveis crescentes de 10, 25, 40, 55 e 90% de feno de capim-coastcross (Cynodon dactylon picado. Os coeficientes de absorção aparente foram obtidos por intermédio de ensaios de digestibilidade, realizados aos 120 e 180 dias de idade dos animais, sendo usado como indicador o óxido crômico para estimar a excreção fecal. Os consumos de Ca, P, Mg, Na e K, expressos em g/dia, sofreram efeito quadrático, estimando-se os respectivos consumos máximos com os níveis de 47,0; 30,0; 45,3; 41,0; e 51,8% de volumoso na dieta. As absorções aparentes do Ca, P e K foram afetadas pelos níveis de volumoso nas dietas, que apresentaram comportamento quadrático e máximas absorções de 58,7; 56,1; e 78,3% para os níveis de 20,3; 23,1; e 45,2% de volumoso nas dietas, respectivamente.

  1. Influência da concentração de lodo sobre o consumo de energia para aeração em sistemas de lodo ativado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvânia Lucas dos Santos

    Full Text Available RESUMO Este trabalho teve como objetivo avaliar quantitativamente a influência da concentração de lodo sobre os fatores que afetam a capacidade de aeração em sistemas de lodo ativado. A investigação experimental foi desenvolvida aplicando a técnica da respirometria, que possibilitou a determinação da taxa de consumo de oxigênio e das variáveis que afetam a transferência de oxigênio. Os resultados experimentais indicam que a concentração de lodo afeta de maneira significativa a capacidade de aeração em sistemas de lodo ativado e, consequentemente, aumenta consideravelmente o consumo de energia. A viabilidade econômica de sistemas que permitem aumento da concentração de lodo, como reatores biológicos com membranas e reatores biológicos com leito móvel, é questionável quando se comparam os custos de implementação com os benefícios resultantes.

  2. Câmbio na assistência perinatal como determinante de consumo e diversidade de antiinfecciosos? Estudo em UTI neonatal no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Garcia Serpa Osorio-de-Castro

    Full Text Available O perfil de utilização de antiinfecciosos, constando de consumo e diversidade dos fármacos empregados, bem como seus determinantes, foram estudados em um período de cinco anos, de janeiro de 1990 a dezembro de 1994, em duas enfermarias de uma unidade de terapia intensiva (UTI neonatal do Rio de Janeiro. Para tanto, cumpriu-se estudo de utilização de medicamentos com desenho descritivo, longitudinal e retrospectivo. Como sistemática foram empregadas a classificação Anatomical Therapeutic Chemical (ATC e a unidade de medida dose diária definida para lactentes (DDDi. Foram coletados dados de serviço, através de pesquisa documental, observações e entrevistas semi-estruturadas, e dados numéricos, através de consulta aos registros de fornecimento do Serviço de Farmácia e registros do censo hospitalar diário. Os resultados numéricos sugerem um incremento real do consumo total e a diminuição da diversidade no uso de antiinfecciosos no período. Analisados à luz da realidade institucional e do uso racional de medicamentos, indicam que mudanças na assistência perinatal ao longo do período foram determinantes para o perfil de utilização revelado.

  3. Câmbio na assistência perinatal como determinante de consumo e diversidade de antiinfecciosos? Estudo em UTI neonatal no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Osorio-de-Castro Claudia Garcia Serpa

    2002-01-01

    Full Text Available O perfil de utilização de antiinfecciosos, constando de consumo e diversidade dos fármacos empregados, bem como seus determinantes, foram estudados em um período de cinco anos, de janeiro de 1990 a dezembro de 1994, em duas enfermarias de uma unidade de terapia intensiva (UTI neonatal do Rio de Janeiro. Para tanto, cumpriu-se estudo de utilização de medicamentos com desenho descritivo, longitudinal e retrospectivo. Como sistemática foram empregadas a classificação Anatomical Therapeutic Chemical (ATC e a unidade de medida dose diária definida para lactentes (DDDi. Foram coletados dados de serviço, através de pesquisa documental, observações e entrevistas semi-estruturadas, e dados numéricos, através de consulta aos registros de fornecimento do Serviço de Farmácia e registros do censo hospitalar diário. Os resultados numéricos sugerem um incremento real do consumo total e a diminuição da diversidade no uso de antiinfecciosos no período. Analisados à luz da realidade institucional e do uso racional de medicamentos, indicam que mudanças na assistência perinatal ao longo do período foram determinantes para o perfil de utilização revelado.

  4. Feeding habits of the crab-eating fox, Cerdocyon thous (Carnivora: Canidae, in a mosaic area with native and exotic vegetation in Southern Brazil Hábito alimentar do cachorro-do-mato, Cerdocyon thous (Carnivora: Canidae, em área de mosaico de vegetação nativa e exótica no Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vlamir J. Rocha

    2008-12-01

    homem. O objetivo deste trabalho foi descrever sua dieta através da análise de 30 conteúdos estomacais de espécimes atropelados, provenientes de um mosaico constituído por Floresta Ombrófila Mista, Floresta Estacional Semidecidual, Campos Naturais e vegetação exótica. Os itens foram quantificados em freqüência de ocorrência (F.O. e porcentagem de ocorrência (P.O.. No total foram identificados 64 itens, distribuídos em 171 ocorrências. De acordo com o método F.O., itens vegetais ocorreram em 93,3% das amostras, itens animais em 86,7% e rejeitos humanos em 16.6%. Entre os vegetais, os frutos apresentaram a maior F.O. (92,9%, seguido das folhas (53,6% e flores (10,7%. Syagrus romanzoffianum (Cham. Glassman, 1968 e a espécie exótica Hovenia dulcis Thunberg se destacaram entre os frutos consumidos (30% cada, e Poaceae entre as folhas consumidas. Dentre os animais, 73,3% foram invertebrados, com destaque para Orthoptera e Coleoptera (36,7% cada, e 63,3% foram vertebrados, destacando-se os mamíferos (33,3%. Em relação ao método P.O. houve a supervalorização de invertebrados (98,1% devido ao consumo de formigas e cupins observado no estômago de um indivíduo. Em geral, C. thous apresentou uma dieta conforme o esperado. Seus hábitos alimentares generalistas podem influenciar positivamente sua sobrevivência em ambientes alterados. Este trabalho ainda compara diferentes métodos de análises da dieta e discute alguns comportamentos oportunistas de C. thous, como o consumo de espécies exóticas e o uso do ambiente de silvicultura para a caça.

  5. Crescimento, consumo hídrico e composição mineral de alface cultivada em hidroponia com águas salinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalva Paulus

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o crescimento, o consumo hídrico e a extração de nutrientes, por alface (Lactuca sativa L. em sistema hidropônico NFT (fluxo laminar de nutrientes, com a utilização de águas salinas no preparo da solução nutritiva e reposição da lâmina diária evapotranspirada. Foram conduzidos dois experimentos, em ambiente protegido. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, sendo estudados os efeitos de cinco níveis de salinidade da água, utilizando-se NaCl. O aumento da salinidade da água reduziu, de forma linear, o crescimento e o consumo hídrico da alface. A salinidade reduziu a concentração de macronutrientes na parte aérea, mas não se observaram sintomas de deficiência nutricional. O rendimento (massa de matéria fresca da parte aérea foi reduzido entre 6 e 6,5% por dS m-1, no primeiro e segundo cultivo, respectivamente. Os resultados obtidos em sistema de cultivo NFT podem indicar a possibilidade do uso da água salina como alternativa para produção de hortaliças, para produtores que têm disponibilidade restrita de água doce, porém, com redução de produtividade.

  6. Consumo de substâncias psicoativas em uma amostra de adolescentes e sua relação com o comportamento sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Miozzo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar o consumo de substâncias psicoativas e o padrão de comportamento sexual em alunos do ensino médio, na cidade de Serafina Corrêa - RS, com uma população aproximada de 15 mil habitantes. MÉTODO: Em estudo transversal, a amostra foi composta por todos os alunos, de ambos os sexos, que estavam cursando o ensino médio nessa cidade. Foram aplicados: um questionário para verificação das variáveis sociodemográficas, um sobre comportamento sexual e outro sobre o consumo de drogas. RESULTADOS: A amostra constituiu-se de 453 alunos, sendo 261 (57,62% do sexo feminino. A droga mais usada durante a vida foi o álcool (82,34%, seguida por tabaco (12,58%, maconha (6,62% e cocaína (5,30%. Em relação ao comportamento sexual dos adolescentes, observou-se que 247 (54,5% referiram já ter tido relação sexual. Foi encontrada uma associação entre o adolescente já ter utilizado drogas em geral (p < 0,001, álcool (p < 0,001 ou tabaco (p = 0,023 e já ter tido relação sexual. CONCLUSÃO: O estudo permitiu conhecer o uso de drogas e características do comportamento sexual dos adolescentes dessa cidade e poderá ser útil para a elaboração de um programa de intervenção para diminuir os fatores de risco para drogadição, incluindo a educação para a promoção da saúde.

  7. Consumo e desempenho produtivo de ovinos alimentados com dietas que continham coprodutos do desfibramento do sisal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.D. Santos

    2011-12-01

    Full Text Available Avaliaram-se o desempenho produtivo e o consumo de nutrientes e frações fibrosas em ovinos alimentados com dietas contendo coprodutos do desfibramento do sisal, Agave sisalana. Foram utilizados 24 ovinos, machos, alojados em baias individuais. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos e seis repetições. Os tratamentos consistiram em quatro dietas isoproteicas, em que: i dieta padrão, contendo 38% de volumoso (silagem de milheto e 62% de concentrado (milho, farelo de soja e ureia; ii inclusão de 20% da silagem de mucilagem do sisal em substituição à silagem de milheto; iii inclusão de 20% da silagem de mucilagem associada ao pó da batedeira como aditivo em substituição à silagem de milheto; iv inclusão de 20% do feno da mucilagem em substituição à silagem de milheto. O peso corporal final, os ganhos médio diário e total e a conversão alimentar dos ovinos não foram influenciados pelas dietas avaliadas (P>0,05. Os consumos dos nutrientes, em g/dia e em %PC e g/kg0,75, não sofreram influência das dietas. Os resultados indicam que as dietas à base de coprodutos do sisal podem ser utilizadas como alternativa volumosa, além de possibilitar o aumento da rentabilidade da atividade na região semiárida brasileira.

  8. Efeito da densidade de estocagem sobre a eficiência alimentar de juvenis de Pirarucu (Arapaima gigas em ambiente confinado Stocking density effect on alimentary efficiency in juveniles pirarucu (Arapaima gigas in a confined environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Adan Sagratzki Cavero

    2003-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito da densidade de estocagem sobre a eficiência alimentar de juvenis de pirarucu em tanques-rede de pequeno volume. Foram usados 12 tanques-rede de 1m³ em um viveiro de 120m³ perfazendo três tratamentos (15, 20 e 25 peixes/m³ com quatro repetições. Os peixes foram alimentados com ração comercial extrusada com 45% de proteína bruta, 3 vezes ao dia, durante 45 dias. O peso médio inicial foi 10,1 ± 0,3 g, e a análise estatística da pesagem inicial mostrou que todos os lotes eram homogêneos. O desempenho dos peixes não apresentou diferença significativa entre os tratamentos (p>0,05. Entretanto, a eficiência alimentar melhorou com o aumento da densidade de estocagem (pThe objective of this study was to verify the effect of stocking density in the feeding efficiency of juvenile pirarucu held in small volume cages. Twelve 1-m³ cages were used inside a 120-m³ fishpond encompassing three treatments (15, 20 and 25 peixes/m³ with four replicates each. Fish were fed a commercial extruded feed with 45% crude protein content, three times a day for 45 days. Initial mean weight was 10.1 ± 0.3 g, and statistical analysis of initial fish weight showed that all lots were homogeneous. Fish performance did not present significant differences among treatments (p>0.05. However, feed efficiency improved, as stocking density increased (p<0.05. Stocking density influenced the feeding efficiency of juvenile pirarucu held in small volume cages.

  9. Estratégias de atuação do nutricionista em consultoria alimentar e nutricional da família Dietitian's procedures in food and nutrition consultancy for the family

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Afonso de Almeida-Bittencourt

    2009-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho é apresentar princípios e estratégias de atuação do nutricionista em consultoria alimentar e nutricional da família. O especialista nesta área, denominado personal dieter, tem por objetivo principal a educação nutricional da família. A atuação do personal dieter é baseada em três princípios fundamentais: envolvimento de todos os membros da família, promoção da alimentação saudável e aperfeiçoamento das técnicas dietéticas usadas no preparo dos alimentos. Para isso, o nutricionista realiza visitas domiciliares para conhecer a realidade da família e propõe mudanças dos hábitos alimentares por etapas. O protocolo de intervenção adaptado a cada realidade inclui, entre outras atividades, elaboração de cardápio e de lista de compra de alimentos, prescrição de dieta individualizada e treinamento de cozinheira. O conhecimento detalhado dos comportamentos, hábitos e práticas relacionados à alimentação da família favorece uma intervenção personalizada. Isto é essencial para a adoção de hábitos alimentares saudáveis e garante maior eficácia do profissional nutricionista no cuidado à nutrição e à saúde da família.The objective of this work is to present the principles and strategies of a dietitian in food and nutrition consultancy for the family. Also known as a personal diet specialist, these dietitians focus mainly on the nutrition education of the family. Their practice is based on three fundamental principles: participation of the whole family, promotion of healthy eating habits and optimization of dietary techniques used in the food preparation. To achieve these goals, the dietitian visits families in their households in order to learn about the family's lifestyle and suggests changes in their food habits one at a time. The intervention strategy is personalized and includes, among other things, designs the menu and drafts a groceries shopping list, prescribes an

  10. Prevalência e fatores associados à prescrição/solicitação de suplementação alimentar em recém-nascidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josilene Maria Ferreira PINHEIRO

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo Identificar a prevalência da utilização de suplemento alimentar em recém-nascidos e avaliar as características, os solicitantes e os motivos justificados para sua utilização em um "Hospital Amigo da Criança". Métodos Trata-se de estudo do tipo transversal, realizado com 113 díades mãe e filho de um hospital universitário com o título de "Amigo da Criança", no período de agosto de 2012 a fevereiro de 2013. A partir de um questionário estruturado, foram coletadas informações sociodemográficas, antecedentes obstétricos, condições de nascimento da criança, características do suplemento e prescritores. Foi realizada análise descritiva e inferencial (teste Qui-quadrado de Pearson, aceitando um nível de significância p?0,05, com intervalo de confiança de 95%. Resultados A prevalência de indicação de suplemento alimentar foi de 16,0%, com menor aderência para os nascidos nas primeiras horas do dia (p=0,006. O profissional de enfermagem foi o que mais solicitou o suplemento (54,0%, e no menor tempo (1 a 6 horas após o nascimento da criança (p=0,05. Quanto aos motivos de indicação, apenas 6,2% atenderam às recomendações da Iniciativa Hospital Amigo da Criança, destacando-se a hipogalactia como principal motivo (71,7%, com maior probabilidade de indicação para os recém-nascidos de parto cesáreo (p<0,02. Conclusão Apesar do título de "Hospital Amigo da Criança", foram identificadas inúmeras indicações de suplemento ali-mentar desnecessárias e precipitadas, o que pode dificultar o aleitamento materno e favorecer o desmame precoce, sugerindo a necessidade de uma avaliação mais criteriosa na indicação pela equipe assistencial.

  11. Variação temporal e espacial na dieta de Trachelyopterus galeatus (Siluriformes, Auchenipteridae em dois reservatórios no semiárido Neotropical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José I. M. Sousa

    2017-11-01

    Full Text Available RESUMO Alimentação de peixes propicia dados para discussão de aspectos teóricos atendendo a propósitos como o conhecimento básico da biologia de uma determinada espécie através do entendimento da organização trófica em um determinado ambiente. Assim, objetivou-se analisar a composição alimentar e a morfologia, associadas ao hábito alimentar de Trachelyopterus galeatus (Linnaeus, 1766 e avaliar as alterações da dieta ao longo do tempo. As coletas dos indivíduos ocorreram trimestralmente, durante os meses de fevereiro, maio, agosto e novembro de 2013, por meio de redes de esperas com diferentes malhas distribuídas em oito pontos no reservatório de Santa Cruz e em cinco pontos no reservatório de Umari, ambos localizados no Rio Grande do Norte. Dos itens identificados da dieta foram obtidas as frequências de ocorrência e volumétrica, combinadas no cálculo de Índice Alimentar (IAi. Os volumes dos itens foram ordenados em NMDS e as suas diferenças testadas em PERMANOVA, a contribuição de cada item alimentar para as diferenças entre os reservatórios foi avaliada através da análise SIMPER. As análises dos conteúdos alimentares permitiram a classificação da espécie como carnívora, constatando-se significativas alterações temporais em sua dieta, com as características morfológicas em conformidade ao consumo dos itens alimentares.

  12. Ecologia alimentar de Hermodice carunculata (Pallas, 1776) (Polychaeta-Amphinomidae) em bancos de Carijoa riisei (Duchassaing & Michelotti, 1860) (Anthozoa-Clavuralidae)

    OpenAIRE

    Andrade Rodrigues, Hilquias

    2007-01-01

    Hermodice carunculata é considerado um importante predador de cnidários, alimentando-se de zooantideos, anêmonas, gorgônias, hidrocorais e corais escleractíneos. A predação é um importante agente estruturador das comunidades, podendo diminuir ou aumentar a diversidade. O objetivo desse trabalho foi identificar a dieta de H. carunculata nos bancos de Carijoa riisei na praia de Proto de Galinhas-PE e descrever o comportamento alimentar e estratégias de predação de H. carunculata. Foram coletado...

  13. QUALIDADE DA ÁGUA UTILIZADA PARA CONSUMO EM ESCOLAS E CRECHES NO MUNICÍPIO DE SÃO CARLOS - SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paola Andressa SCURACCHIO

    2011-12-01

    Full Text Available Sabe-se da importância de se tratar a água destinada ao consumo humano, pois alterações nas características física, química e/ou microbiológica tem sido associadas a diversos problemas de saúde, além disso, a qualidade da água destinada ao consumo humano deve atender aos padrões de potabilidade estabelecidos pela Portaria n. 518/2004 do Ministério da Saúde. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a qualidade da água utilizada em escolas e creches municipais da cidade de São Carlos – SP. Foram selecionados 31 estabelecimentos de ensino sendo 17 escolas e 14 creches, em cada uma delas foram colhidas duas amostras de água em três pontos distintos – 62 no ponto de entrada da rede, 62 do reservatório e 62 de filtros domésticos - totalizando 186 amostras, com intervalo de três meses, para verificar possíveis diferenças nos pontos de colheita e em ocasiões diferentes. As amostras foram avaliadas para os seguintes parâmetros: presença de coliformes totais, Escherichia coli, contagem de bactérias heterotróficas mesó- filas, determinação do pH, turbidez, cor, concentração de flúor e de cloro residual livre. O maior número de amostras fora do padrão para coliformes totais foi proveniente dos filtros e da rede, para bactérias heterotróficas a maior parte das amostras fora do padrão foi colhida nos filtros. Nas análises físico-químicas o maior número de amostras fora do padrão ocorreu na rede para pH, na rede e no filtro para flúor, no filtro para cloro residual livre e no reservatório para turbidez. O parâmetro com maior número de amostras inadequadas foi flúor. É necessário maior atenção com a conservação, limpeza e manutenção dos reservatórios prediais e filtros nas escolas e creches de São Carlos, visto que, a água analisada estava imprópria para o consumo.

  14. Consumo e Digestibilidades Aparentes Totais e Parciais de Nutrientes em Novilhos Alimentados com Dietas Contendo Vários Níveis de Concentrado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luís Carlos Vinhas Ítavo

    2002-06-01

    Full Text Available Objetivou-se estudar o consumo e as digestibilidades totais e parciais de nutrientes em bovinos. Foram utilizados cinco bovinos da raça Nelore, não-castrados, com 165 kg, fistulados no rúmen, abomaso e íleo. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos e cinco períodos de coleta. Os tratamentos consistiram de quatro níveis de concentrado na dieta (20, 40, 60 e 80%. O volumoso utilizado foi feno de capim-Tifton 85 (Cynodon dactylon (L. Pers.. Somente os consumos de FDN e FDA apresentaram redução linear com o aumento do nível de concentrado da dieta. Os consumos de MS e NDT foram em média de 3,45 e 2,24 kg/dia, respectivamente. Os coeficientes de digestibilidade aparente da MS, MO e CHOT aumentaram linearmente, em função do nível de concentrado na dieta. Enquanto as digestibilidades aparentes da PB e EE apresentaram média de 59,50 e 70,81%, respectivamente. Houve redução linear nos coeficientes de digestibilidade da FDN e FDA. O nível de concentrado não afetou a digestão ruminal da PB e EE, cujas médias foram 4,80 e 1,41%, respectivamente. A digestibilidade ruminal da FDN apresentou redução linear com o aumento do nível de concentrado na dieta. No intestino delgado, a digestibilidade máxima da MS de 34,89% foi estimada com 49,01% de concentrado na dieta; a digestibilidade da MO aumentou linearmente e as digestibilidades da PB, FDN, EE e CHOT não foram influenciadas pela inclusão de concentrado na dieta. Não houve efeito dos níveis de concentrado sobre as digestibilidades no intestino grosso para MS, MO, PB, EE e CHOT, cujas médias foram 17,98; 12,48; 10,53; -2,84 e 11,08%, respectivamente.

  15. Intake and apparent digestibility of rations containing different proportions of Coastcross (Cynodon dactylon (L. Pers. hay plus ground soybean grain and sheep eating behaviour/ Consumo e digestibilidade aparente de rações com diferentes proporções de feno de capim Coastcross (Cynodon dactylon (L. Pers. e soja crua moída e comportamento alimentar de ovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Rodrigues Casimiro

    2006-07-01

    Full Text Available The aims of this experiment were to determine the average daily intake (ADI and the apparent digestibility coefficient (ADC of rations containing two levels of coastcross hay and ground soybean grain, as well as, to study the behavior of sheep fed on these rations. Ten wethers averaging 40.0 kg of live weight were allocated in feeding trial cages for this experiment. A completely randomized design with two treatments (T1= 80% coastcross hay + 20% soybean grain and T2= 60% coast cross hay + 40% soybean grain and five replicates, were used. The treatments were evaluated under two feeding systems (voluntary and restrict. There were two experimental periods of seven days with fifteen days of previous adaptation each. The animals were fed twice a day with rations containing half of the estimated daily intake. The behaviours studied were times spent eating, ruminating and resting in a five minutes interval observation during twelve hours. There were no significant differences (P>0.05 between treatments for nutrientsADI but for crude protein and ether extract (EE. The ADC for dry matter (DM, fiber (F and total carbohydrates (TC were significantly greater (PO objetivo deste trabalho foi determinar o consumo médio e a digestibilidade aparente dos nutrientes de rações contendo dois níveis de feno de capim coast-cross e soja crua moída, bem como estudar o comportamento de ovinos alimentados com essas rações. Foram utilizados dez ovinos machos, castrados, com peso vivo médio de 40,0 kg, em delineamento experimental inteiramente casualizado com dois tratamentos (T (T1= 80% de feno de coastcross picado + 20% de soja crua moída e T2= 60% de feno de coastcross picado + 40% de soja crua moída e cinco repetições. Os tratamentos foram avaliados em regimes de consumo voluntário e consumo restrito. O ensaio compreendeu um período de adaptação de 15 dias, seguido de dois períodos de coleta de sete dias cada. A ração foi fornecida em duas refei

  16. Avaliação da contaminação por enteroparasitas em alfaces (lactuca sativa comercializadas em restaurantes com alimentos expostos ao consumo no município de Sorocaba/SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio Vieira Magalhães Ornelas

    2015-10-01

    Full Text Available Diante de um cotidiano pauta do por uma intensa influência dos meios decomunicação a respeito da alimentação saudável e de baixo teor calórico,bem como de um progressivo número de campanhas sociais combatendoa obesidade e seu alto valor epidemiológico sobre a sociedadecontemporânea, as hortaliças têm recebido ampla ênfase no cenárionutricional dos dias de hoje. Entretanto, tais aspectos são tambémacompanhados de extrema cautela, uma vez que as hortaliças sãoimportantes veículos de infecções ao organismo humano através de umavasta gama de possíveis parasitas, devido à manipulação pré-consumo einclusive o consumo cru. O trabalho que se segue teve como objetivopesquisar a presença de enteroparasitas especificamente em alfacescomercializadas em restaurantes com alimentos expostos ao consumo nomunicípio de Sorocaba-SP. As amostras de alface crespa (Lactuca sativacoletadas foram submetidas a uma série de etapas para análise:inicialmente houve lavagem em sacos plásticos durante 30 minutos,seguida de sedimentação do líquido por 24 horas e, por fim, análiseparasitológica da amostra por microscopia óptica. Das 40 amostrasrealizadas, apenas 5% continham enteroparasitas. Outras duas amostrascontinham achados como Paramecium spp. e ácaro. Os resultadosreforçam a necessidade de um a boa higienização das hortaliças, mas,devido ao grande número de restaurantes em Sorocaba comparado com ode amostras coletadas, é inadequado considerar generalizar a premissade que os restaurantes self-service possuam alfaces crespa (Lactucasativa higienizadas e próprias para o consumo em Sorocaba.

  17. Consumo de forragem e desempenho animal em cultivares de Urochloa humidicola sob lotação contínua

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clovis David Medeiros Martins

    2013-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o acúmulo de forragem, a estrutura do dossel, o valor nutritivo, o consumo de forragem e a produção animal, em pastos de Urochloa humidicola sob lotação contínua. As cultivares BRS Tupi e Comum foram avaliadas durante os períodos de seca e das águas (julho de 2011 a agosto de 2012, em delineamento experimental de blocos ao acaso, com dois tratamentos e seis repetições. Mensalmente, os animais foram pesados e os pastos amostrados para a determinação de: taxa de acúmulo de forragem (TAF; massa de forragem; percentagens de folha (PF, colmo e material morto (PM; e valor nutritivo. O consumo de matéria seca (CMS foi determinado uma vez a cada período. 'BRS Tupi' apresentou maiores TAF e PF e menor PM do que a 'Comum', durante o período das águas. O valor nutritivo, o CMS e o ganho médio diário foram semelhantes entre as duas cultivares. O conteúdo de proteína bruta da forragem - 6,0 e 5,0%, respectivamente, para os períodos das águas e seco - foi o principal fator limitante ao CMS. 'BRS Tupi' recebeu maior taxa de lotação e, consequentemente, possibilitou maior ganho de peso vivo por área (192 kg ha-1 por ano do que a 'Comum' (126 kg ha-1 por ano. A 'BRS Tupi' é uma boa alternativa para a diversificação de pastagens em solos de baixa fertilidade sujeitos a alagamento temporário.

  18. Ação de Inseticidas Botânicos sobre a Preferência Alimentar e sobre Posturas de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith (Lepidoptera: Noctuidae em Milho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Mazzonetto

    2013-04-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou comparar o efeito de diferentes extratos de origem vegetal na preferência alimentar e na postura da lagarta do cartucho Spodoptera frugiperda (J.E. Smith em folhas de milho. Extratos aquosos a 10% p/v de Chenopodium ambrosioides (Linnaeus (Erva de Santa Maria, Corymbia citriodora (Hill & Johnson (Eucalipto Cheiroso, Chrysanthemum leucanthemum (Linnaeus (Crisântemo e Azadirachta indica (A. Juss (Nim foram aplicados em discos de folhas de milho e oferecidos às lagartas em testes com e sem chance de escolha. A atratividade das lagartas pelos discos com os extratos não diferiu da testemunha no teste com chance de escolha, porém os extratos de Nim e Crisântemo apresentaram efeito fagodeterrente a S. frugiperda. Nos testes sem chance de escolha, o tratamento que mais repeliu as lagartas foi utilizando extrato de Nim, representando possível alternativa para o controle das lagartas desta espécie. Nenhum dos extratos aquosos das espécies vegetais testadas apresentou efeito ovicida.

  19. Suplementos vitamínicos e/ou minerais: regulamentação, consumo e implicações à saúde

    OpenAIRE

    Abe-Matsumoto, Lucile Tiemi; Sampaio, Geni Rodrigues; Bastos, Deborah H. M.

    2015-01-01

    Em decorrência das mudanças no padrão alimentar da população, a suplementação da dieta com micronutrientes é prática comum. A preocupação com a saúde e a facilidade de comercialização dos suplementos vitamínicos e/ou minerais, aliadas ao forte apelo publicitário, têm estimulado a população ao consumo indiscriminado desses produtos, o que pode acarretar riscos à saúde. Este trabalho teve como objetivo avaliar a legislação relativa ao cenário do consumo e segurança do uso de suplementos vitamín...

  20. Deficiência hídrica no consumo de água de dois cultivares de milho crescidos em solução nutritiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eduardo Caruso Machado

    1985-01-01

    Full Text Available Estudaram-se no presente trabalho os efeitos da deficiência hídrica no crescimento e consumo de água de plantas dos cultivares de milho IAC-Maya e IAC-Maya latente crescidos em casa de vegetação e em solução nutritiva em recipientes cilíndricos de PVC (diâmetro = 15cm, altura = 100cm, com capacidade para 15 litros. A solução nutritiva, composta de (mg/litro: Ca (284,N-NO3 (297, N-NH4 (37, K (140, P (6, Mg (41, Fe (7,5, B (0,5, Cu (0,08, Mn (1,0, Mo (0,16 e Zn (0,3, foi renovada a cada 30 dias. Nos estádios vegetativo e de florescimento, as plantas foram submetidas à deficiência hídrica através de a adição de polietileno glicol e b suspensão da reposição da água evapotranspirada pelas plantas. O delineamento estatístico foi o de blocos ao acaso com cinco repetições. A deficiência hídrica ocasionou, em ambos os cultivares, redução no consumo de água e na área foliar. Nos tratamentos onde a deficiência hídrica foi induzida pela suspensão da reposição da água evapotranspirada, observou-se aumento das raízes de ambos os cultivares. Os resultados sugerem que a técnica de cultivo por hidroponia associada ao uso de agentes osmóticos e/ou suspensão da reposição da água evapotranspirada, pode ser utilizada em estudos de deficiência hídrica em plantas.

  1. Consumo hídrico, produtividade e qualidade da cebola sob diferentes manejos de irrigação em cultivo orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adheilton Rogers Pilé de Carvalho

    2017-07-01

    Full Text Available A produtividade e qualidade de bulbos de cebola dependem da quantidade de água aplicada à cultura. Objetivou-se com o presente trabalho determinar o consumo hídrico, a produtividade e a qualidade de cebola submetida a diferentes manejos de irrigação em cultivo orgânico. O experimento foi desenvolvido sob delineamento em blocos casualizados, com três tratamentos e sete repetições. Os tratamentos consistiram de: T1 - irrigação feita com base nos dados diários da evapotranspiração da cultura (ETc; T2 - irrigação efetuada com base em valores de Kc propostos na literatura (Kc-lit para a cebola e ETo obtida pelo método do TCA; e T3 - irrigação efetuada com base nos valores de Kc-lit e a ETo obtida pelo método da FAO. O consumo hídrico da cultura (ETc foi obtido através de medidas diárias em evapotranspirômetros. A evapotranspiração de referência (ETo, obtida através dos métodos do tanque classe A (TCA e Penman-Monteith (FAO. Avaliaram-se as variáveis: diâmetro de bulbos, massa média de bulbos, produtividade total e comercial, sólidos solúveis, acidez titulável e pungência. A ETc variou de 3,9 mm dia-1 (estádio I a 5,8 mm dia-1 (estádio III, atingindo valores máximos diários de até 7,2 mm dia-1 e total para o ciclo da cultura, 563,4 mm. Diferentes manejos de irrigação não promoveram variações significativas na produtividade total da cebola cultivada em sistema orgânico, com valor médio, para os diferentes manejos, em torno de 15 t ha-1. As condições ambientais verificadas durante o período experimental, com temperaturas elevadas, certamente foram determinantes para bulbos de cebola pungente e com baixa acidez.

  2. Crescimento e parâmetros reprodutivos de ratas Wistar, em restrição alimentar desde o nascimento = Growth and reproductive parameters of female Wistar rats under food restriction since birth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Montoro Mazeti

    2008-04-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo caracterizar o desenvolvimento de ratas Wistar, submetidas à restrição alimentar desde o nascimento, investigando algumas alterações quantitativas e funcionais resultantes desta deficiência. A restrição alimentar foi imposta por duplicação do tamanho da ninhada experimental (grupo-restrição, 12 filhotes em relação à ninhada-controle (grupo-controle, seis filhotes durante a lactação, e por redução de 50% no alimento ofertado desde o desmame até os 90 dias de idade. As ratas do grupo-restrição, comparadas às do grupo-controle, apresentaram crescimento ponderal e linear inferior, menor peso de órgãos e depósitos abdominais de gordura pouco desenvolvidos e retardo na idade da abertura vaginal. Por outro lado, seu crescimento prosseguiu por todo o período de 90 dias. Após o cruzamento, as ratas do grupo-controletiveram ninhadas numerosas, enquanto nenhuma das ratas do grupo-restrição emprenhou. Concluiu-se que a restrição alimentar, durante e após a lactação, interferiu negativamente no desenvolvimento corporal das ratas, retardou o início da puberdade, indicado pela idadeda abertura vaginal, comprometeu o crescimento dos órgãos internos e a deposição de gordura, e impediu a concepção.This work had the purpose of characterizing the development of female Wistar rats subjected to food restriction since birth, investigatingsome quantitative and functional changes resulting from this deficiency. Food restriction was imposed through duplication of the litter size (restriction group, 12 pups relative to the control litter (control group, six pups during lactation, and through reduction in 50% of the food supplied from weaning to 90 days of age. The female rats of the restriction group, when compared to the controls, had smaller linear and ponderal growth, lower organweight and poorly developed abdominal fat deposits, and delayed vaginal opening. On the other hand, their growth

  3. A sustentabilidade ecológica do consumo em Minas Gerais: uma aplicação do método da pegada ecológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Henrique Godoi Gonzalez

    2016-02-01

    Full Text Available Embora sejam intensas as preocupações com o desenvolvimento sustentável, escassas são as tentativas de se mensurá-lo entre as unidades subnacionais no Brasil. Com o intuito de contribuir para o preenchimento dessa lacuna, este trabalho tem como objetivo principal analisar a sustentabilidade ecológica do consumo da população do Estado de Minas Gerais no ano de 2008 por meio do cálculo de sua pegada ecológica. A análise se baseia nas contribuições mais recentes para tal metodologia, buscando comparar o impacto local e a disponibilidade global de recursos. Concluiu-se que, apesar de estar dentro da própria capacidade de suporte do Estado, em termos per capita, a demanda absoluta por capital natural gera uma pressão excessiva quando comparada à disponibilidade mundial de capital natural, uma vez que, caso a população de todo o mundo mantivesse o mesmo padrão de consumo dos mineiros, seriam necessários 2,64 planetas Terra para sustentá-la.

  4. Desempenho e qualidade da carne de bovinos cruzados alimentados com diferentes dietas em confinamento

    OpenAIRE

    Silva, Maria Lígia Pacheco da [UNESP

    2016-01-01

    Com a alta demanda mundial de carne de qualidade, a utilização de cruzamento entre raças e de dieta com teores elevados de energia são estratégias que podem ser utilizadas visando à melhorias na eficiência do sistema de produção de carne bovina e na qualidade do produto final. Assim, o objetivo neste trabalho foi avaliar o desempenho (pesos, ganhos em peso, consumo de matéria seca, eficiência alimentar e dias em confinamento), características de carcaça (peso e rendimento de carcaça fri...

  5. Jejum alimentar na qualidade da carne de frangos de corte criados em sistema convencional Feed withdrawal periods in the quality of broilers meat raised in the conventional system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaina Boccia Jorge Castro

    2008-04-01

    Full Text Available O objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito de diferentes períodos de jejum alimentar (três, seis, nove, 12, 15 e 18 horas na perda de peso da ave viva, rendimento da carcaça quente e fria (antes e após o resfriamento no "chiller". Os atributos de qualidade da carne de peito de frango criados no sistema convencional tais como cor, capacidade de retenção de água (CRA, pH, força de cisalhamento e perda por cozimento foram avaliados. Neste experimento foram utilizados frangos de corte da linhagem Ross com 46 dias de idade. Os resultados mostraram que períodos prolongados de jejum alimentar teve efeito estatístico (P0,05 para o valor de L*, a* e b*, CRA, pH e perda por cozimento da carne de peito devido aos diferentes períodos de jejum alimentar. Os valores da correlação de Pearson mostraram uma correlação negativa (PThis research was aimed at evaluating the effect of different feed withdrawal (FW periods (3, 6, 9, 12, 15 and 18 hours on the live bird weight loss, dressed and chilled carcass yield (before and after of water chilling. The attributes of chilled breast meat quality of broilers raised in the conventional system were also evaluated, such as color, water holding capacity (WHC, pH, shear force and cooking loss. In this experiment, 46-day-old Ross broilers were used. The results of this study indicated that prolonged FW periods have a significant effect (P0.05 were observed for L*, a* and b values, WHC, pH, cooking losses and pH of the breast meat submitted to different FW periods. Pearson correlation values showed a negative (P<0.001 correlation between pH and L* value, and between L* value and WHC, which varied with FW periods.

  6. Hábito alimentar de escolares adolescentes de um município do oeste do Paraná Food habits of adolescent students from a municipality in western Paraná, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Cristina Dalla Costa

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Este estudo objetivou identificar o padrão de consumo alimentar de 2562 escolares de 14 a 19 anos das escolas urbanas, públicas e particulares, do município de Toledo, Paraná, bem como os fatores associados à classe econômica e ao sexo. MÉTODOS: Para caracterizar o consumo alimentar utilizou-se Questionário de Freqüência de Consumo Alimentar validado. A análise estatística foi realizada seguindo os grupos da pirâmide alimentar, e as associações das variáveis foram realizadas pelo teste Qui-quadrado com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Os alimentos que apresentaram maior consumo em cada grupo foram: pão e arroz, alface e tomate, banana e laranja, leite integral e desnatado, carne de gado e frango, feijão, margarina e maionese, açúcar e balas/doces. A associação da freqüência de consumo com a renda familiar foi significante entre os mais pobres para os grupos dos pães, cereais, raízes e tubérculos, das leguminosas e dos óleos e gorduras. Entre os mais ricos encontram-se os grupos das hortaliças, das frutas, dos leites e produtos lácteos. Quanto ao sexo, as meninas consomem mais alimentos dos grupos das hortaliças e dos açúcares e doces, já entre os meninos prevalece o consumo de leite, leguminosas, óleos e gorduras. CONCLUSÃO: Esses resultados mostram diferença de consumo entre os sexos e sugerem que a renda famíliar associa-se ao consumo alimentar dos escolares.OBJECTIVE: The objective of this study was to identify the food intake patterns of 2562 students aging from 14 to 19 years from public and private schools of the municipality of Toledo, Paraná, Brazil. Associations between intake patterns and gender and intake patterns and social class were also investigated. METHODS: A validated food frequency questionnaire was used to characterize food intake. Statistical analysis was based on the food guide pyramid and the variables associated with the chi-square test, using a significance

  7. Consumo de sustancias psicoactivas en dos regiones argentinas y su relación con indicadores de pobreza Consumo de substâncias psicoativas em duas regiões argentinas e sua relação com indicadores de pobreza Psychoactive substance use in two regions of Argentina and its relationship to poverty

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Ap. Arena Ventura

    2013-05-01

    Full Text Available Se realizó un análisis de base de datos recolectados en la Encuesta Nacional de Prevalencia de Consumo de Sustancias Psicoactivas (ENPreCoSP-2.008 tomando 6.122 casos, con los objetivos de describir las prevalencias de consumo de sustancias psicoactivas; y evaluar la asociación entre la existencia de necesidades básicas insatisfechas y el nivel de ingresos familiares, con el consumo de sustancias psicoactivas en personas entre las edades de 18 a 34 años, residentes en las regiones noroeste (NOA y noreste (NEA argentino. Se realizaron análisis descriptivos y regresión logística. Las prevalencias de consumo en la vida, el último año y el último mes fueron mayores en sustancias legales. Así también, el consumo fue mayor en el sexo masculino. Los indicadores de situación de pobreza operaron como factor de riesgo para el consumo de sustancias legales. Los resultados encontrados dan cuenta de situaciones diferenciales en el consumo de sustancias psicoactivas, en relación al género y a las condiciones de pobreza.Realizou-se uma análise de base de dados coletados durante a Encuesta Nacional de Prevalencia de Consumo de Sustancias Psicoactivas (ENPreCoSP-2.008 tomando 6.122 casos, com objetivos de descrever as prevalências de consumo de substâncias psicoactivas, e avaliar a associação entre a existência de necessidades básicas insatisfeitas e o nível de renda familiar, com o consumo de substâncias psicoactivas em pessoas de 18 a 34 anos, residentes nas regiões noroeste (NOA e nordeste (NEA da Argentina. Realizaram-se análises descritivas e regressão logística. As prevalências de consumo durante a vida, o último ano e o último mês foram maiores entre as substâncias legais. O consumo também foi maior no sexo masculino. Os indicadores da situação de pobreza operaram como fator de risco para o consumo de substâncias legais. Os resultados encontrados mostram situações diferenciais no consumo de substâncias psicoativas

  8. Trastornos por consumo de alcohol (AUDIT en adolescentes y jovenes marginales de bandas juveniles de Mexico Transtornos por consumo de álcool (AUDIT em adolescentes e jovens marginais de bandos juvenis do México Alcohol consumption disorder (AUDIT for marginal adolescents and youth from juvenile gangs of Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Rafael Guzmán Facundo

    2007-12-01

    Full Text Available Adolescentes y jóvenes que pertenecen a bandas juveniles con frecuencia son omitidos de las encuestas nacionales sobre consumo de alcohol y drogas. El objetivo del estudio fue conocer los trastornos por consumo de alcohol, y analizar el efecto de factores personales sobre estos, en 125 adolescentes y jóvenes margínales de bandas juveniles de Monterrey, NL. México. Los resultados indicaron que 70% mostró consumo excesivo, 62% se clasificó con consumo perjudicial y el 50% con dependencia. Los factores que más contribuyeron en la predicción del consumo excesivo fueron la edad, sexo y el bajo nivel educativo, para el consumo perjudicial fueron la edad y problemas de salud mental, y para el consumo dependiente fueron la edad, los años de escolaridad y los problemas de salud mental. Estos resultados posibilitarán la reflexión de la necesidad de diseñar programas adecuados dirigidos a la prevención en este grupo de jóvenes marginales.Adolescentes e jovens que pertencem a bandos juvenis com freqüência são omitidos dos estudos nacionais sobre consumo de álcool e drogas. O objetivo da presente pesquisa foi conhecer os transtornos por consumo de álcool e analisar o efeito de fatores pessoais sobre estes, em 125 adolescentes e jovens marginais de bandos juvenis do México. Os resultados mostraram que 70% têm consumo excessivo, 62% se classificou em um consumo prejudicial, e o 50% com dependência. Os fatores que maior contribuíram na predição do consumo excessivo foram a idade, sexo e o baixo nível educacional, para o consumo prejudicial foram a idade e os problemas de saúde mental, e para o consumo dependente foram a idade, os anos de escolaridade e os problemas de saúde mental. Estes resultados possibilitaram a reflexão da necessidade de elaboração de programas adequados direcionados à prevenção neste grupo de jovens.Adolescents and youngers who are involved in gangs, are frequently excluded from the national surveys about

  9. Consumo de suplementos nutricionais por frequentadores de academias da cidade de Porto Alegre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Trussardi Fayh

    2013-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi verificar a prevalência do uso de suplementos alimentares nas academias da cidade de Porto Alegre. Foram entrevistados 316 indivíduos com idade entre 18-59 anos. A abordagem foi por voluntariedade, em 22 academias da cidade. Observou-se um expressivo uso de suplementos nutricionais pelos participantes (28,8%, e os homens utilizam mais suplementos do que as mulheres (p<0,05. Os suplementos mais utilizados foram aqueles à base de proteínas, que são ingeridos principalmente por indicação de educadores físicos. O alto consumo de suplementos nutricionais aponta a necessidade de alertar à população quanto aos riscos relacionados ao uso indevido de suplementos nutricionais.

  10. (In)segurança alimentar e nutricional em agricultores familiares e o uso da terra no município de Ibiúna, SP

    OpenAIRE

    Verônica Gronau Luz

    2014-01-01

    Resumo: INTRODUÇÃO O Brasil tem vivido modificação intensa no uso de suas terras, no bioma natural e na produção de alimentos. Atualmente, as políticas governamentais têm dois focos principais: o incentivo à produção de monoculturas, que garantem o sucesso do agronegócio, e a promoção e apoio à agricultura familiar, visando a garantia da segurança alimentar e nutricional - SAN. A utilização de agrotóxicos nas lavouras brasileiras aumentou junto à média anual de notificações de intoxicações oc...

  11. FED INTAKE AND MILK PRODUCTION OF HOLSTEIN-ZEBU CROSSBREED COWS HOLD IN DIFFERENT TROPICAL PASTURES CONSUMO DE ALIMENTOS E PRODUÇÃO DE LEITE DE VACAS MESTIÇAS MANTIDAS EM DIFERENTES PASTAGENS TROPICAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Luiza Costa Cruz Borges

    2008-10-01

    Full Text Available

    Fed intake and milk production of Holstein-Zebu crossbred cows, grazing Napier grass (<em>Pennisetum purpureumem> (NAP, <em>Brachiaria decumbens em>(BRA and Guinea grass (<em>Pannicum maximumem> (COL and supplemented with four kg of concentrate, were evaluated in a double Latin square (3x3. Fecal production and feed intake were calculated using Cr2O3 and <em>in vitroem> digestibility. Dry mater intake (DMI was similar among forages (18kg/cow which represented 2.72%; 2.84% and 2.96% of the live weight for NAP, BRACH and COL respectively. The intake per unit of metabolic size (g DM/kg0.75 was 130 for NAP, 135 for BRACH and 145 for COL. The intake of BRACH resulted in lower milk production (14,4kg than NAP (15,5kg and COL (16,1Kg. Grasses did not affected the milk composition which showed 4,03% of fat, 2,46% of protein and 12,42% of total solids. It was concluded that NAP, BRACH and COL are good alternatives for milk production in grazing systems.

    KEY WORDS: <em>Brachiaria decumbensem>, Guinea grass, <em>Panicum maximumem>, Napier, <em>Pennisetum purpureumem>.

    Realizou-se a avaliação do consumo de alimentos e da produção de leite de vacas mestiças pastejando piquetes de capim Napier (<em>Pennisetum purpureumem> (NAP, <em>Brachiaria decumbensem> (BRA e Colonião (<em>Pannicum maximumem> (COL e suplementadas com quatro kg de concentrado em um esquema de quadrado latino (3x3 duplo. Calcularam-se a produção fecal e o consumo de alimentos com o auxílio do Cr2O3 e da digestibilidade <em>in vitroem>. O consumo diário de MS foi semelhante entre as forragens (18kg/vaca, as quais representaram 2,72%; 2,84% e 2,96% do p.v. para o NAP, BRACH e COL, respectivamente. O consumo por unidade de tamanho metabólico (g MS/kg0,75 foi de 130 para o NAP, 135 para a BRACH e 145 para

  12. Consumo de doces, refrigerantes e bebidas com adição de açúcar entre adolescentes da rede pública de ensino de Piracicaba, São Paulo Consumption of sweets, soft drinks and sugar-added beverages among adolescents from public schools in Piracicaba, Sao Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Bueno do Carmo

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever as práticas alimentares de adolescentes quanto à ingestão energética, distribuição de macronutrientes na dieta e porções consumidas de doces, refrigerantes e bebidas com adição de açúcar. METODOLOGIA: Foi avaliada uma amostra de adolescentes matriculados em escolas da rede pública de ensino de Piracicaba, São Paulo. O consumo alimentar foi avaliado por um Questionário de Freqüência Alimentar. Para a comparação do consumo com a recomendação de ingestão de energia e de macronutrientes, utilizaram-se as Dietary Reference Intakes. A análise do consumo de doces baseou-se nas recomendações do guia alimentar norte-americano. Dados de consumo de refrigerantes e bebidas com adição de açúcar foram avaliados em comparação com outros estudos. RESULTADOS: O estudo incluiu 390 adolescentes. Apenas 6,2% destes apresentaram consumo energético em conformidade com o intervalo preconizado e 83,8% revelaram ingestão energética acima dos valores propostos. Expressiva parcela apresentou consumo de carboidratos e proteínas de acordo com o recomendado, mas foi verificado consumo alto de lipídios em 36,7% da amostra. Comprovou-se um consumo médio de 3,8 porções diárias de doces, sendo que 78,2% dos entrevistados ultrapassaram a recomendação máxima. O consumo médio diário alcançou aproximadamente 230ml e 550ml de refrigerante e bebidas com adição de açúcar, respectivamente. CONCLUSÃO: Devido à alarmante inadequação das práticas alimentares observadas entre os adolescentes, devem ser adotadas estratégias educativas que enfatizem a redução do consumo de açúcares e os benefícios da adoção de uma dieta equilibrada.OBJECTIVE: To describe the dietary patterns of adolescents in relation to energy intake, distribution of macronutrients in diet and consumption of portions of sweets, soft drinks and sugar-added beverages. METHODOLOGY: A sample of adolescents enrolled in public schools in Piracicaba

  13. Estudo de fibras alimentares em frutas e hortaliças para uso em nutrição enteral ou oral Study of dietary fibre in fruits and vegetables for use in oral or enteral diets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edma Maria de Araújo

    2010-03-01

    Full Text Available Dietas enterais com alimentos convencionais são usadas em nutrição domiciliar para fornecer macronutrientes, obter dietas individualizadas e de menor custo. O objetivo deste trabalho foi estudar frutas e hortaliças (alface, berinjela, cenoura, chicória, goiaba e tamarindo como fontes de fibras alimentares solúveis e insolúveis para serem usadas em nutrição enteral ou suplemento nutricional oral. As hortaliças e frutas foram adicionadas a uma formulação enteral domiciliar e também preparadas em solução com água. Foram determinadas a composição centesimal, as fibras solúveis e insolúveis dos alimentos, a atividade de água e o pH das formulações. Foram realizados testes de gotejamento das formulações com os alimentos experimentais. A melhor proporção de alimento/dieta enteral domiciliar foi de 100 g/2 L para dieta enteral e de 150 g/2 L para suplemento nutricional oral (ingestão por boca. As quantidades de cada alimento adicionadas à formulação enteral equivalem a duas porções (100 g diárias de cada alimento para 2 L e 2000 kcal. A maior contribuição para aumentar a quantidade de fibras foi da goiaba e a menor, da berinjela. Os valores de atividade de água ficaram entre 0,95 e 1,00, indicando que as dietas são susceptíveis à contaminação microbiana. Nessas condições, devem ser consumidas imediatamente após o preparo.Enteral diets based on conventional foods are used in domestic nutritional therapy to provide macronutrients, obtain individualised diets and to lower costs. Eggplant, carrot, chicory, lettuce, guava and tamarind were studied as sources of soluble and insoluble fibers for use in enteral diets or as oral nutritional supplements, added to a domestic enteral formulation and also prepared in aqueous solution. The following physical-chemical characteristics were determined: soluble and insoluble fibers, proximate composition, pH and water activity. Drip tests were carried out with the formulas

  14. DIFUSÃO DA INOVAÇÃO, CONSUMO E COTIDIANO NO CAMPO MODERNO - NOTAS SOBRE O PAPEL DAS FEIRAS AGROPECUÁRIAS EM RONDÔNIA (BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirlei Fachini Vicente PEREIRA

    2011-04-01

    Full Text Available O texto avalia a função das feiras e eventos agropecuários no processo de modernização das atividades agrícolas no estado de Rondônia, especialmente nas áreas onde recentemente o campo se torna mais denso em técnica e voltado para as estruturas corporativas de produção. Discuti-se o papel que tais eventos possuem na disseminação da ciência e da informação voltadas para as inovações produtivas no campo, inserindo novas necessidades de consumo e um efeito de modernização no território.

  15. Binge eating disorder, anxiety, depression and body image in grade III obesity patients Compulsão alimentar periódica, ansiedade, depressão e imagem corporal em pacientes com obesidade grau III

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel R Matos

    2002-02-01

    Full Text Available INTRODUCTION: The objective of this study was to assess the frequency of Binge Eating Disorder (BED or Binge Eating episodes (BINGE, anxiety, depression and body image disturbances in severely obese patients seeking treatment for obesity. METHOD: We assessed 50 patients (10M and 40F with Body Mass Index (BMI between 40 and 81.7 Kg/m² (mean 52.2±9.2 Kg/m² and aging from 18 to 56 years (mean 38.5±9.7. Used instruments: Questionnaire on Eating and Weight Patterns ¾ Revised (QEWP-R for BED or BINGE assessment, Beck Depression Inventory (BDI for depressive symptoms, State - Trait Anxiety Inventory (STAI-TRAIT and STAI-STATE for anxiety and Body Shape Questionnaire (BSQ for body image assessments. RESULTS: In this population BED and BINGE frequencies were 36% and 54%, respectively. Symptoms of depression were detected in 100% while severe symptomatology was found in 84% of the cases. The frequency of anxiety as a trait was 70%, as a state, 54% and 76% of all patients reported discomfort regarding body image. The frequency of BED was higher in patients with higher anxiety scores as a personality trait (>40 but not as a state (46% vs. 13%; p140 in the BSQ assessment. CONCLUSION: Our results indicate a high frequency of binge eating episodes, severe depressive symptoms, anxiety and concern with body image in grade III obesity patients.INTRODUÇÃO: O objetivo desse trabalho é avaliar a freqüência de transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP, episódios de compulsão alimentar periódica (CAP, ansiedade, depressão e distúrbios na imagem corporal em pacientes com obesidade grau III que procuram tratamento para obesidade. MÉTODO: Foram avaliados 50 pacientes (10M e 40F com Índice de Massa Corporal (IMC de 40 a 81,7 Kg/m² (média =52,2±9,2 Kg/m² e idade entre 18 e 56 anos (média de 38,5±9,7. Instrumentos utilizados: Questionário sobre Padrões de Alimentação e Peso ("Questionnaire on Eating and Weight Patterns - Revised" - QEWP

  16. Regime alimentar para ganho compensatório de ovinos em confinamento: composição regional e tecidual da carcaça Diet for compensatory gain of feedlot lambs: commercial composition of carcass cuts and tissues

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.H. Nóbrega

    2013-04-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito do regime alimentar para ganho compensatório sobre a composição regional e tecidual da carcaça de cordeiros terminados em confinamento. Foram utilizados 40 ovinos Santa Inês, machos, com média de 17±1,7kg de peso vivo (PV e 100 dias de idade. Ao final do período de confinamento, os cordeiros foram abatidos, e a meia carcaça esquerda foi seccionada em cinco cortes comerciais primários: pescoço, paleta, costilhar, lombo e perna. A perna foi dissecada em músculos, ossos e gorduras, e, em seguida, teve seu índice de musculosidade determinado. Foi mensurada a hipertrofia muscular por meio da média do diâmetro das fibras musculares. O peso (g da meia carcaça esquerda, do pescoço, da paleta, do costilhar, do lombo e da perna diminuiu linearmente, à medida que aumentou o nível de restrição prévia, de 0% até 60%, variando, respectivamente, de 11497,4 a 8888,5; de 1453,8 a 1211,4; de 1955,4 a 1560,9; de 3420,0 a 2604,6; de 1669,4 a 1161,6 e de 2998,8 a 2350,0. No rendimento dos cortes, apenas o lombo sofreu efeito do regime alimentar, diminuindo de 14,5 para 13,1%. O índice de musculosidade da perna (0,42 a 0,39 e o diâmetro das fibras musculares (46,0 a 43,4µm também diminuíram com o aumento da restrição prévia. A restrição alimentar seguida por realimentação diminui o peso dos cortes e não afeta seu rendimento; diminui também a proporção de gordura da carcaça, produzindo, assim, cortes mais leves e carne com menor teor de gordura.The effect of diets for compensatory gain on the commercial cut yield and carcasses tissue composition of finished feedlot lambs was determined. A total of 40 Santa Inês lambs, with mean body weight (BW of 17±1.7kg and 100 days old were used. The lambs were slaughtered; the left half carcass was sectioned into five primary commercial cuts: neck, shoulder, rib, loin and leg. The leg was dissected into muscle, bone and fat, and then the muscularity of the leg was

  17. ENTRE A FOME E A VONTADE DE COMER: OS SIGNIFICADOS UTILITÁRIOS E HEDÔNICOS DA EXPERIÊNCIA DE CONSUMO EM RESTAURANTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Lourdes de Azevedo Barbosa

    2013-06-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo conhecer o significado do consumo de serviços a partir da natureza (ordinária/extraordinária da experiência vivida pelo consumidor. A pesquisa teve um caráter fenomenológico-hermêutico e como método optou-se pelo estudo de casos. Foram selecionadas duas empresas com posicionamentos diferenciados: um restaurante fast food (comida rápida e padronizada, com características utilitárias e outro à la carte (serviço de refeição mais elaborado e personalizado, com características hedônicas. Na coleta de dados empregaram-se as técnicas do grupo focal, observação direta e entrevistas em profundidade. Os resultados demonstraram que as características utilitárias do restaurante A, influenciam os consumidores a interpretarem suas experiências como ordinárias, e que o restaurante B, com seus produtos e serviços que valorizam os componentes mais hedônicos, permitem aos consumidores reconhecerem suas experiências como fora do comum ou extraordinárias. Nuances foram detectadas nos significados atribuídos às experiências de consumo, ao longo do continuum que vai das experiências mais ordinárias às experiências mais extraordinárias, o que é explicado pelo fato de que o consumidor é, em última instância, o condutor da interpretação de sua experiência e a subjetividade é um componente inerente à sua condição.

  18. Recria de terneiros de corte em pastagem de estação fria sob níveis de biomassa de folhas verdes: economicidade e eficiência alimentar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Alexandre Coradini Fontoura da

    2004-01-01

    Full Text Available A produção animal, o custo desta e a eficiência alimentar dos animais são analisados neste trabalho. Os tratamentos testados foram níveis de biomassa da lâmina foliar verde (BLFV, de 350 e 600kg ha-1 de matéria seca (MS, em pastagem de aveia preta e azevém. Os animais utilizados foram terneiros de corte, da raça Charolês e suas cruzas com Nelore, com idade média inicial de nove meses e 175kg de peso vivo. Os resultados médios, ao longo dos 103 dias de utilização da pastagem, indicam que a produção animal e de forragem não foram afetadas pelos tratamentos. O custo total de produção da pastagem e a eficiência de transformação de forragem em peso vivo dos animais foram semelhantes nos dois níveis de BLFV testados. O tratamento de 600kg ha-1 de BLFV apresentou os melhores resultados econômicos, com maior receita bruta e lucro por hectare e menor custo por quilo de peso vivo produzido.

  19. Correlação entre dados demográficos, nutricionais e bioquímicos e consumo de serviços hospitalares em pacientes submetidos à cirurgia da obesidade

    OpenAIRE

    Silvia Yoko Hayashi

    2011-01-01

    Em decorrência do sucesso da cirurgia bariátrica para o tratamento da obesidade grau III e de suas comorbidades associadas, esta cirurgia vem se tornado cada vez mais indicada. A redução do consumo de cuidados com a saúde tem sido relatada após o tratamento cirúrgico, entretanto a utilização de serviços hospitalares não tem sido bem documentada. O conhecimento do consumo destes serviços na cirurgia bariátrica é importante para dimensionar serviços de saúde e custos resultantes desta cirurgia....

  20. Avaliação de atrativos alimentares utilizados no monitoramento de mosca-das-frutas em pessegueiro na lapa- PR Food attractants used in the monitoring of fruit flies in peach trees in lapa, Paraná (PR, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lino Bittencourt Monteiro

    2007-04-01

    Full Text Available As moscas-das-frutas do gênero Anastrepha são uma praga-chave na cultura do pessegueiro no Paraná. Atrativos alimentares foram testados para determinar a sua eficiência no monitoramento de moscas-das-frutas capturadas em frascos caça-moscas McPhail. O experimento foi conduzido por três anos, sendo que, em 2002, foram testados como atrativo o suco de uva da marca Maguari®, o hidrolisado enzimático de proteína da marca BioAnastrepha® e o vinagre da marca Chemin Agrin®. Nos dois anos seguintes, o vinagre foi substituído pelo composto protéico hidrolisável da marca Torula®. As substâncias atrativas à base de proteína foram as mais eficientes na captura de Anastrepha spp., e as capturas ocorreram antecipadas em relação ao suco de uva. De acordo com os resultados, recomendam-se atrativos à base de proteína para monitoramento de Anastrepha spp em pessegueiro, na Lapa.Fruit flies of Anastrepha genus are a key pest in peach trees in Paraná. Food attractants were tested to determine their efficiency in monitoring fruit flies captured in McPhail fly traps. The experiment was conducted over a period of three years. In 2002 the following attractors were tested: Maguari® brand grape juice, BioAnastrepha® brand hydrolyzed enzymatic protein and Chemin Agrin® vinegar. Over the next two years, the vinegar was replaced by Torula® hydrolyzed protein compound. Protein-based attractants were the most efficient in trapping Anastrepha spp. and captured flies earlier comparing to grape juice. According to the results, the use of protein-based attractants for monitoring Anastrepha spp in the Lapa peach trees was recommended.

  1. Plantando, colhendo, vendendo, mas não comendo: práticas alimentares e de trabalho associadas à obesidade em agricultores familiares do Bonfim, Petrópolis, RJ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Eliza Port Lourenço

    Full Text Available OBJETIVO: verificar a prevalência de obesidade entre adultos das 86 famílias agricultoras de um bairro de Petrópolis, RJ, e analisar seus determinantes socioculturais. MÉTODOS: estudo quantitativo e qualitativo sobre nutrição, práticas alimentares e de trabalho realizado em 2008. Dados antropométricos foram coletados por inquérito nutricional domiciliar e o material qualitativo por observação participante e entrevistas. RESULTADOS: a prevalência de obesidade foi baixa (9,3% entre os homens, mas bastante elevada entre as mulheres (29,9%. A prática agrícola local implica em atividade física leve para mulheres e intensa para homens. Essa diferença não é acompanhada na dieta, semelhante para homens e mulheres, com predomínio de alimentos de alto valor calórico. A produção familiar objetiva essencialmente a venda. A agricultura mercantil e a decorrente especialização dos cultivos favorecem comprar alimentos no mercado em vez de produzir para autoconsumo. CONCLUSÃO: os aspectos socioculturais e ocupacionais estudados podem ter contribuído para elevar a prevalência de obesidade nas mulheres e podem ser úteis no estudo de outros grupos com características semelhantes. Esta pesquisa ratifica a importância de estudar a obesidade em nível local, integrando abordagens quantitativas e qualitativas para identificar possíveis limitações e portas de entrada para ações de intervenção localmente relevantes.

  2. FATORES DETERMINANTES DA TOMADA DE DECISÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS EM UMA FEIRA LIVRE

    OpenAIRE

    Ilton Belchior Cruvinel; Daneil Staciarini Corrêa; Nelson Jorge da Silva Junior; Joelmir Feliciano; Rogério José de Almeida

    2017-01-01

    Cada vez mais se desenvolve a consciência da importância do consumo de produtos orgânicos. Tal falta pode ser observado na crescente abertura de feiras livras especializadas nesse tipo de produto. O presente artigo objetivou analisar os fatores associados ao processo de tomada de decisão de compra de produtos orgânicos por consumidores de uma feira livre na cidade de Goiânia-GO. Realizou-se de um estudo transversal analítico com abordagem quantitativa. Foram entrevistadas 84 pessoas. Ut...

  3. Elaboração de questionário de frequência alimentar semiquantitativo para adolescentes da região metropolitana do Rio de Janeiro, Brasil Development of a semiquantitative food frequency questionnaire for adolescents from the Rio de Janeiro metropolitan area, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Campos Araujo

    2010-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever a elaboração de um questionário de frequência alimentar para adolescentes do Rio de Janeiro, Brasil. MÉTODOS: Para seleção dos itens alimentares incluídos no questionário de frequência alimentar, utilizaram-se dados de três dias de registro alimentar obtidos em uma amostra de 430 estudantes, na faixa etária de 12 a 19 anos, da rede de ensino estadual de Niterói, Rio de Janeiro. Foram incluídos os itens alimentares mais citados nos registros e que contribuíram com 95% do consumo de energia e nutrientes dos registros alimentares. As porções de referência foram as mais frequentemente referidas nos registros do estudo de base. As opções de frequência foram definidas de forma diferenciada para os diversos itens do questionário. RESULTADOS: Nos registros foram listados 306 alimentos, dos quais 249 itens foram incluídos no questionário, isoladamente ou agrupados, compondo uma lista de 90 itens. Os 14 itens alimentares mais consumidos por adolescentes do Rio de Janeiro, nesse estudo e em estudo anterior, foram associados a oito opções de frequência de consumo; 18 itens alimentares foram acoplados a sete opções de frequência e para 58 itens foram definidas cinco opções de frequência. CONCLUSÃO: O estudo permitiu a elaboração do questionário de frequência alimentar para adolescentes da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o qual será submetido às análises de reprodutibilidade e validade. Este questionário representa um instrumento valioso para pesquisas epidemiológicas que investiguem o consumo alimentar de adolescentes.OBJECTIVE: The objective of this study was to describe the development of a food frequency questionnaire for adolescents from the Rio de Janeiro metropolitan area, Brazil. METHODS: The selection of food items included in the questionnaire was done by recording the foods consumed during 3 days by 430 students aged 12 to 19 years from the public schools of Niterói (RJ Brasil

  4. DETERMINAÇÃO DE CORANTES SINTÉTICOS EM BEBIDAS ISOTÔNICAS EMPREGANDO EXTRAÇÃO EM FASE SÓLIDA DISPERSIVA E HPLC-UV/Vis

    OpenAIRE

    Luana Floriano

    2016-01-01

    As bebidas isotônicas são especialmente formuladas para pessoas que praticam atividade física, sendo compostas principalmente por carboidratos, eletrólitos e vitaminas. Os corantes sintéticos são aditivos alimentares comumente utilizados em bebidas isotônicas para aprimorar suas características de consumo e aparência. Além do menor custo de produção em relação aos corantes de origem natural, os corantes sintéticos apresentam diversas vantagens, tais como alta estabilidade à luz, oxigênio e pH...

  5. Padrão de consumo de álcool e fatores associados entre adolescentes estudantes de escolas públicas em município do interior brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Gonçalves dos Reis

    2015-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar aspectos relacionados ao consumo alcoólico entre estudantes de um município do interior do sudeste brasileiro. MÉTODOS: Neste estudo transversal foram avaliados 638 alunos de 13 a 17 anos, sendo 355 (55,6% meninas, escolhidos de modo randomizado em 13/40 (32,5% escolas públicas entre novembro de 2009 e agosto de 2010. Foi utilizado um questionário estruturado para coleta de dados pessoais/familiares e o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT para avaliar o consumo alcoólico. Foi usada análise bivariada e regressão logística. RESULTADOS: Foi verificado que 516 (80,9% estudantes fizeram uso de álcool na vida e 115 (18,4% faziam consumo de risco (AUDIT ≥ 8. Pela análise bruta, o consumo de risco associou-se à faixa etária (16 a 17 anos, idade do primeiro consumo (≤ 12 anos, maior renda familiar, ambiente familiar conflituoso, não praticar uma religião e consumo alcoólico dos pais. Pela análise ajustada observou-se associação com a idade do primeiro consumo (≤ 12 anos, sendo odds ratio (OR = 2,5 e intervalo de confiança de 95% (IC95% 1,4 - 4,4. Vida sexual foi mais frequente entre os que já fizeram uso de álcool na vida (OR = 3,3; IC95% 2,0 - 5,3. Sob efeito do álcool, 22/103 alunos (21,4% nem sempre utilizaram preservativos. Entre todos, 25,4% acreditam que não há risco em beber e 98% já compraram bebidas alcoólicas. Sentir vontade de beber após assistir a propagandas de bebidas alcoólicas foi mais frequente entre adolescentes que já as consumiram (OR = 1,7; IC95% 1,1 - 2,6. CONCLUSÃO: Foi verificado preocupante e precoce consumo alcoólico entre estudantes, mostrando a necessidade tanto de conscientização dos jovens e de seus responsáveis para os riscos desse consumo, quanto de se cumprir a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas a menores de idade.

  6. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes Socioeconomic influence on eating disorders risk behaviors in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Louise Lenz Dunker

    2009-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar comportamentos de risco para transtornos alimentares (TA em adolescentes de diferentes níveis socioeconômicos. MÉTODO: 183 adolescentes do sexo feminino de 15 a 18 anos de duas escolas (pública e particular foram avaliadas quanto à renda e escolaridade dos pais, estado nutricional, comportamentos de risco para TA (Teste de Atitudes Alimentares - EAT-26, atitudes socioculturais quanto à aparência (Escala das Atitudes Socioculturais Voltadas para Aparência - SATAQ-3, percepção corporal (escala de silhuetas e uso de dietas. RESULTADOS: A média do escore do EAT-26, assim como a porcentagem de adolescentes consideradas de risco foram semelhantes entre as escolas (p >0,05. No escore do SATAQ-3, verificou-se na escola particular um valor maior que da pública (p0,05, e as que apresentaram sobrepeso/obesidade tiveram escores maiores no EAT-26. Metade das adolescentes das escolas já fez dieta, sendo que a frequência do uso de dietas esteve associada com o maior escore do EAT-26. CONCLUSÕES: Comportamentos de risco foram encontrados em grande parte da população estudada, mas esses não estiveram associados com o nível socioeconômico.OBJECTIVE: To investigate eating disorders (ED risk behaviors at adolescents from different socioeconomic status. METHOD: 183 girls 15-18 years old from two schools (public and private were evaluated about parent's education and income, nutritional status, ED risk behavior (Eating Attitudes Test - EAT-26, sociocultural attitudes toward appearance (SATAQ-3, corporal perception (silhouettes scale and dieting. RESULTS: Mean score of EAT-26, as well as percentage of risky girls were similar at both schools (p >0.05. At SATAQ-3 score, it was noticed a higher value at private school compared to public one (p0.05, and girls who were overweight/obese had a higher score at EAT-26. Half of the girls from both schools have already diet, and dieting frequency was associated with a higher score at EAT

  7. O impacto da educação alimentar e nutricional na prevenção do excesso de peso em escolares: uma revisão bibliográfica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aillen Leite Araújo

    2017-03-01

    Full Text Available O ambiente escolar apresenta grande potencial para a realização de ações educativas, sobretudo de Educação Alimentar e Nutricional (EAN para a prevenção e controle do sobrepeso e obesidade. Dessa forma, objetivou-se realizar uma revisão sistemática de artigos e trabalhos científicos acerca do impacto da EAN nas ações de prevenção e controle do excesso de peso entre escolares nos últimos dez anos (2005-2015 no país. A revisão sistemática constou em uma busca de trabalhos científicos nas bases de dados SciELO, LILACS, MEDLINE e em bibliotecas especializadas tais como BVS, biblioteca da USP, UNESP e ENSP/Fiocruz/RJ. O estudo totalizou 90 referências, dessas, 18 foram selecionadas. Observou-se um baixo número de publicações na área e no período analisado. Os resultados dos estudos apontaram para mudanças no comportamento alimentar dos escolares e melhoria do conhecimento sobre alimentação saudável, dessa maneira, conclui-se que as ações de EAN apresentaram impacto positivo na prevenção do sobrepeso e obesidade entre os escolares e, portanto, devem ser incentivadas no país. ABSTRACT The impact of Food and Nutrition Education in overweight prevention in school: a literature review The school environment has great potential to carry out educational activities, especially for Food and Nutrition Education (FNE for the prevention and control of overweight and obesity. Thus, the objective was to conduct a systematic review of articles and scientific papers on the impact of FNE in prevention and control of overweight among school children in the past decade (2005-2015 in the country. The systematic review consisted in a search of scientific studies on the databases SciELO, LILACS, MEDLINE and specialized libraries such as BVS, library USP, UNESP and ENSP / Fiocruz / RJ. The study totaled 90 references, of these 18 were selected. There was a low number of publications in the area and the period analyzed. The results of the

  8. A MELHORIA DO PROCESSO PRODUTIVO EM UMA EMPRESA DE FAST FOOD ATRAVÉS DO PERT/CPM

    OpenAIRE

    Barreto, Eduardo Guimarães Lima; Santos, Roberta de Lourdes Silva dos; Menezes, Valeska Lisandra de; Silva, Ricardo Moreira da

    2010-01-01

    A principal característica de uma empresa de fast food está no consumo de alimentos que podem ser preparados e servidos em um pequeno intervalo de tempo. Empresas deste tipo se tornaram sinônimos de um estilo de vida acelerado desde o final do século XX, provocando mudança nos hábitos alimentares de boa parte dos brasileiros. Através de pesquisa qualitativa e de campo, este artigo analisa e propõe melhorias no processo produtivo em uma empresa de fast food localizada na cidade de João Pessoa-...

  9. Perfil antropométrico e alimentar de pré-escolares de uma escola pública do Alto Paranaíba, MGAnthropometric and dietary profile of preschool children in a public school in Alto Paranaíba, MGdoi:10.12662/2317-3076jhbs.v4i3.864.p166-173.2016

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Muriele Pereira Mendes Cornélio

    2016-09-01

    Full Text Available Introdução: a fase pré-escolar é um período de importantes mudanças alimentares a qual tem contribuído para o excesso de peso em crianças de todas as classes econômicas. Objetivo: analisar o perfil antropométrico e alimentar de pré-escolares de uma escola pública municipal de Rio Paranaíba, MG. Métodos: para a realização da pesquisa de caráter transversal e quantitativa, analisou-se o perfil antropométrico e alimentar (frequência alimentar de alguns alimentos e a distribuição percentual de nutrientes da alimentação escolar de crianças. Para avaliar o consumo da alimentação escolar entre os gêneros, utilizou-se o Teste Mann Whitney, e na associação do consumo dos alimentos obesogênicos e o estado nutricional, por gênero, utilizou-se o Teste Qui-quadrado, ambos a 5%. Resultados: das 58 crianças avaliadas, os meninos apresentaram mais excesso de peso. Os pré-escolares apresentaram uma ingestão diária elevada de alimentos obesogênicos (achocolatados, biscoitos recheados e suco em pó, e baixo para aqueles considerados saudáveis (beterraba, cenoura, mamão e os folhosos. Entre os alimentos obesogênicos avaliados, o achocolatado em pó foi o mais consumido, e apenas o consumo de salgadinho (chips, pelos meninos, correlacionou-se com o excesso de peso. As meninas com excesso de peso apresentaram uma maior ingestão de proteínas, carboidratos, lipídios e ferro na alimentação escolar. Conclusão: embora somente o consumo de salgadinho correlacionou-se ao excesso de peso, alguns pré-escolares apresentaram uma ingestão diária elevada de alimentos obesogênicos e baixo para aqueles considerados saudáveis, bem como maiores quantidades de proteínas, carboidratos e lipídios na alimentação escolar, fatos que podem contribuir para o excesso de peso apresentado.l das crianças, elevando o peso das mesmas e ocasionar prejuízos funcionais ao organismo.

  10. A Motivação Hedônica no Consumo de Bens Virtuais Cosméticos em Jogos Online

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ribeiro Leitinho

    2018-02-01

    Full Text Available Esta pesquisa verificou a percepção do comprador de bens virtuais cosméticos em jogos online. Bens virtuais cosméticos são roupas, pets, mobiliário entre outras modificações visuais para o avatar (representação virtual do jogador ou para o ambiente em que este se encontra. O estudo contou com 96 participantes de todos os continentes do mundo. A coleta foi realizada por meio de fóruns online e dentro do jogo League of Legends, bem como questionários distribuídos em universidades brasileiras. A técnica de análise foi a análise de conteúdo. Os resultados demonstraram que os consumidores destes bens são motivados pelo papel representado e pela gratificação. Mas também emergiu um novo fator que desafia o pesquisador a categorizá-lo de três possíveis formas, seguindo a literatura. Observou-se que existe um mercado de consumo para bens virtuais cosméticos, com consumidores voltados a presentear amigos online e a obter uma sensação de felicidade ao adquirir este tipo de bem. Além disso, há uma parcela que se contenta em investir para apoiar o desenvolvedor do jogo - o que parece ser a emersão da nova categoria citada.

  11. Lifetime prevalence of drugs use in adolescents from Cartagena, Colombia Prevalencia de vida de consumo de sustancias sicoactivas en adolescentes de Cartagena, Colombia Prevalência de vida de consumo de substâncias em adolescentes de Cartagena, Colômbia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zuleima Cogollo Milanés

    2012-07-01

    sustancias alguna vez en la vida los factores de riesgo: consumo diario de cigarrillo (OR=30.2; IC95%=11.8-77.6, no ser religioso (OR=5.8; IC95%=1.8-18.8, sexo masculino (OR=3.7; IC95%=1.1-13.1 y consumo problemático de alcohol (OR=3.5; IC95%=1.2-9.8. Conclusión. El consumo de alguna sustancia sicoactiva por parte de los adolescentes es alto, constituyendo un problema de salud al cual deben prestar atención los organismos gubernamentales. Este consumo se relacionó con variable como el sexo (masculino, no ser religioso, ser fumador y tener consumo problemático de alcohol.Objetivo. Estimar a prevalência de vida de consumo de substâncias psicoativas em adolescentes de Car