WorldWideScience

Sample records for comt fatores desencadeantes

  1. Polimorfismos dos genes do receptor de serotonina (5-HT2A e da catecol-O-metiltransferase (COMT: fatores desencadeantes da fibromialgia? Serotonin receptor (5-HT 2A and catechol-O-methyltransferase (COMT gene polymorphisms: Triggers of fibromyalgia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josie Budag Matsuda

    2010-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A fibromialgia é uma síndrome reumática caracterizada por dor difusa e crônica associada a fadiga, insônia, ansiedade, depressão, perda de memória e tontura. Embora os mecanismos fisiológicos que controlam a fibromialgia não tenham sido estabelecidos, fatores neuroendócrinos, genéticos ou moleculares podem estar envolvidos. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi caracterizar os polimorfismos dos genes do receptor de serotonina (5-HT2A e da catecolO-metiltransferase (COMT em pacientes brasileiros com fibromialgia, a fim de avaliar sua participação na etiologia da doença. MATERIAL E MÉTODOS: O DNA genômico extraído de 102 amostras de sangue (51 pacientes, 51 controles foi usado para a caracterização molecular dos polimorfismos dos genes 5-HT2A e COMT, por meio de PCR-RFLP. RESULTADOS: A análise molecular dos polimorfismos do gene 5-HT2A demonstrou frequências de 25,49% C/C, 49,02% T/C e 25,49% T/T, nos pacientes com fibromialgia, e 17,65% C/C, 62,74% T/C e 19,61% T/T, no grupo controle, não apresentando diferença significativa entre o grupo de pacientes e o grupo controle. Os polimorfismos do gene da COMT em pacientes com fibromialgia apresentaram uma frequência de 17,65% e 45,10% para os genótipos H/H e L/H, respectivamente. No grupo controle, as frequências foram de 29,42%, para H/H, e 60,78%, para L/H, sem diferença significativa entre ambos os grupos. Entretanto, houve diferença significativa na frequência do genótipo L/L em pacientes (37,25% e controles (9,8%, o que permitiu a diferenciação entre os dois grupos. CONCLUSÃO: A frequência do genótipo L/L foi maior nos pacientes com fibromialgia. Apesar de a fibromialgia envolver uma situação poligênica e fatores ambientais, o estudo molecular do SNP rs4680 do gene da COMT pode auxiliar a identificação de indivíduos suscetíveis.INTRODUCTION: Fibromyalgia is a rheumatic syndrome characterized by diffuse and chronic pain associated with

  2. Trigger factors in migraine patients Fatores desencadeantes de enxaqueca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Timy Fukui

    2008-09-01

    Full Text Available BACKGROUND: Migraine is a chronic neurological disease with several trigger factors, including dietary, hormonal and environmental factors. PURPOSE: To analyse precipitating factors in a sample of migraine patients. METHOD: Two hundred consecutive migraine patients were interviewed about possible trigger factors for migraine attacks. RESULTS: Most patients showed at least one dietary trigger, fasting was the most frequent one, followed by alcohol and chocolate. Hormonal factors appeared in 53% , being the pre-menstrual period the most frequent trigger. Physical activities caused migraine in 13%, sexual activities in 2.5% and 64% reported emotional stress a trigger factor. 81% related some sleep problem as a trigger factor. Regarding environmental factors, smells were reported by 36.5%. CONCLUSION: Trigger factors are frequent in migraine patients, its avoidance may decrease headache frequency and also improve patients' quality of life.INTRODUÇÃO: A enxaqueca é uma doença neurológica crônica que apresenta diversos desencadeantes como fatores alimentares, hormonais e ambientais. OBJETIVO: Analisar os fatores desencadeantes em uma amostra de pacientes com enxaqueca. MÉTODO: Duzentos pacientes com diagnóstico de enxaqueca foram questionados sobre fatores que pudessem desencadear suas crises. RESULTADOS: 83,5% apresentaram algum fator alimentar, jejum foi o fator mais freqüente, seguido de álcool e chocolate. Dos fatores hormonais, o período pré-menstrual foi o mais freqüente. Atividade física causou enxaquecas em 13%, atividade sexual em 2,5%, estresse em 64% e 81% relataram o sono como fator desencadeante. Em relação aos fatores ambientais, odores foram desencadeantes em 36,5%. CONCLUSÃO: Os fatores desencadeantes são freqüentes em enxaqueca e a sua detecção deve ser pormenorizada para que se reduza a freqüência de crises e melhore a qualidade de vida do paciente.

  3. Processos judiciais em oftalmologia: análise de possíveis fatores desencadeantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wellington Santos

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivo: Analisar os possíveis fatores de desencadeamento de processos judiciais na área de oftalmologia. Método: Estudo retrospectivo de 70 casos de processos judiciais cíveis em oftalmologia. Foram avaliados em cada processo, a anamnese, o exame oftalmológico, os dados do paciente no momento do incidente, sexo, idade, diagnóstico inicial e diagnóstico da causa do processo, número de consultas antes e após o fato desencadeante, a realização de exames pré-operatórios mínimos de acordo com os protocolos da Cooperativa Estadual de Serviços Administrativos em Oftalmologia - COOESO, termo de consentimento informado, as folhas de descrição do procedimento, de enfermagem, de materiais e medicamentos do centro cirúrgico, do anestesista, da alta hospitalar e o valor da indenização. Resultados: Dos 70 casos analisados, com relação à acuidade visual final, 45 (64,3% apresentavam amaurose. Quanto às condições prévias ao tratamento, os diagnósticos foram: catarata 46 (65,7%, ametropias 12 (17,1%, trauma ocular 8 (11,4%, glaucoma 3 (4,3% e descolamento de retina 1 (1,4%. Com relação às principais complicações secundárias ao tratamento efetuado que deram motivação à lide, os diagnósticos foram: descolamento de retina 37 (52,8%, acuidade visual insatisfatória pós cirurgia de catarata 12 (17,1%, irregularidades corneanas após cirurgia refrativa 8 (11,4%, endoftalmites 4 (5,7%, desconforto com óculos prescritos 4 (5,7% e atrofia bulbar 4 (5,7%. O número de consultas antes do início do processo foi de até duas em 67,1% dos casos. Os processos decorrentes de cirurgia representaram 94,3% da amostra. Termo de consentimento informado não foi utilizado em 63% do total de casos cirúrgicos. Os valores de indenização pagos foram menores do que 50 mil reais em 72,7%. Conclusões: Foram fatores importantes relacionados aos processos judiciais oftalmológicos: amaurose, tratamento cirúrgico, descolamento de retina, n

  4. Trigger factors mainly from the environmental type are reported by adolescents with migraine Fatores desencadeantes de migrânea relatados por adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcela Dalla Bernardina Fraga

    2013-05-01

    Full Text Available Migraine can be triggered by many factors such as stress, sleep, fasting and environmental causes. There are few studies that evaluated migraine trigger factors in the adolescent population. Methods: A total of 100 participants from 10 to 19 years were subjected to a detailed headache questionnaire, with demographic and clinical data, and a headache diary including trigger factors during a two-month period was asked. Results: Fifty of the participants exhibited chronic migraine and the other 50 participants demonstrated episodic migraine. The most common group of trigger factors reported was the environmental one, mainly sun/clarity, followed by hot weather and the smell of perfume. Conclusions: Ninety-one percent of children and adolescents with migraine reported a trigger factor precipitating the migraine attack.Crises de migrânea podem ser desencadeadas por muitos fatores, como estresse, sono, jejum e causas ambientais. Poucos estudos avaliaram os fatores desencadeantes de migrânea em adolescentes. Métodos: Cem pacientes, de 10 a 19 anos, foram submetidos a um questionário detalhado sobre sua cefaleia, com dados demográficos e clínicos e um diário da cefaleia, incluindo perguntas sobre os fatores desencadeantes, por um período de dois meses. Resultados: Cinquenta pacientes apresentavam migrânea episódica e 50, migrânea crônica. O grupo de fatores desencadeantes mais frequentemente relatado foi o ambiental, principalmente sol ou claridade, seguido pelo clima quente e pelo cheiro de perfume. Conclusões: Noventa e um por cento dos adolescentes com migrânea relataram pelo menos um fator desencadeante de crises álgicas.

  5. Fatores desencadeantes de crises de migrânea em pacientes com migrânea sem aura Precipitating factors of migraine attacks in patients with migraine without aura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Ierusalimschy

    2002-09-01

    Full Text Available Com o objetivo de estudar a distribuição de fatores desencadeantes de migrânea em uma população determinada, foram avaliados, através de entrevista pessoal, 100 pacientes que preenchiam os critérios diagnósticos para migrânea sem aura propostos pela Sociedade Internacional de Cefaléia. O estresse foi o desencadeante mais citado, respondendo pelo surgimento de crises de migrânea em 76% dos pacientes. Em seguida, em ordem de frequência decrescente, foram citados: estímulos sensoriais (75%, privação do sono (49%, jejum (48%, fatores ambientais (47%, alimentos (46%, menstruação (39%, fadiga (35%, bebidas alcoólicas (28%, sono prolongado (27%, cafeína (22%, esforço físico (20%, trauma craniano (20%, viagens (4%, atividade sexual (3%, medicamentos (2%, os movimentos do pescoço (2%, tabagismo (1% e uso de travesseiro baixo (1%. Conclui-se que determinados fatores parecem desempenhar papel importante na precipitação da migrânea.To study the distribution of triggers of migraine in a selected population, 100 patients who fulfilled the diagnostic criteria for migraine without aura as proposed by the International Headache Societywere evaluated by means of a personal interview. Stress was the most cited trigger, triggering migraine in 76%. Afterwards, in descending order of frequency, were cited sensorial stimuli (75%, sleep deprivation (49%, hunger (48%, environmental factors (47%, food (46%, menses (39%, fatigue (35%, alcohol (28%, sleep excess (27%, cafeine (22%, physical exertion (20%, head trauma (20%, trips (4%, sexual activity (3%, medications (2%, neck movements (2%, smoking (1% and the use of a low pillow (1%. It is concluded that certain factors seem to play an important role in the triggering of migraine.

  6. FATORES DESENCADEANTES DO USO DE DROGAS DE ABUSO EM MULHERES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Regina Marangoni

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo fue identificar y discutir factores desencadenantes del uso de drogas en mujeres. Estudio cualitativo de carácter descriptivo con 12 mujeres provenientes de tres municipios de Paraná, notificadas a un centro de asistencia toxicológica en los años 2008 a 2010. Los datos fueron colectados de la ficha de Incidencia Toxicológica, de los expedientes, y del itinerario para entrevista semi- estructurado aplicada durante visita domiciliar y analizados por contenido temático. La mayoría era de la raza/color pardo, estaba entre 17 y 33 años y convivía en unión estable. Los factores desencadenantes del uso de drogas estaban relacionados a las características individuales de las mujeres y aspectos socio-culturales. Se destacaron la edad precoz, baja escolaridad, baja inserción en el mercado de laboral, conflictos intrafamiliares y el uso y tráfico de drogas por los compañeros y familiares. Se verificaron vínculo afectivo débil, con dinámica familiar inadecuada. Amigos, familiares y compañeros favorecieron el comportamiento adictivo.

  7. Caracterização de pessoas com diabetes em unidades de atenção primária e secundária em relação a fatores desencadeantes do pé diabético Caracterización de las personas con diabetes en unidades de atención primaria y secundaria en relación a factores desencadenantes del pié diabético Characteristics of people with diabetes regarding factors associated with the development of diabetic foot ulcer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kattia Ochoa-Vigo

    2006-09-01

    Full Text Available OBJETIVO: estudo descritivo que caracterizou pessoas com diabetes da rede básica de saúde em relação aos fatores desencadeantes do pé diabético, considerando variáveis socio-demográficas, história clínica e risco para complicações nos pés. MÉTODOS: obtiveram-se dados mediante entrevista e avaliação dos pés. Na análise foi considerada avaliação dermatológica, estrutural, circulatória e neurológica e classificados conforme proposta de Sims e colaboradores. RESULTADOS: a idade média foi 58,5±8,5 anos; tempo da doença 8,7±6,7 anos, com ensino fundamental incompleto. Nos antecedentes clínicos 73% referiram hipertensão arterial e 22% dislipidemia. A glicemia média foi 159±79 mg/dl e HbA1c 7,8±2%. Na avaliação dos pés 73% apresentaram higiene/corte de unhas impróprios, 63% pele ressecada/descamativa, 52% unhas alteradas, 49% calos/rachaduras e 33% pé plano. Na classificação de risco identificou-se 7,9% com insensibilidade plantar e 6,9% com insensibilidade plantar e deformidade nos pés. CONCLUSÕES: estas alterações poderiam ser prevenidas com intervenções básicas e educação para cuidados com os pés.OBJETIVO: estudio descriptivo que caracterizo a personas con diabetes de la red básica de salud en relación a los factores desencadenantes del pié diabético, considerando variables socio-demográficas, historia clínica y riesgo para complicaciones en los pies. MÉTODOS: Se obtuvieron datos mediante entrevista y evaluación de los pies. En el análisis se consideró la evaluación dermatológica, estructural, circulatoria y neurológica y fueron clasificados de acuerdo a la propuesta de Sims y colaboradores. RESULTADOS: la edad promedio fue de 58.5±8.5 años; tiempo de la enfermedad 8.7±6.7 años, con secundaria incompleta. En los antecedentes clínicos el 73% refirió hipertensión arterial y el 22% dislipidimia. La glicemia promedio fue de 159±79 mg/dl y HbA1c 7.8±2%. En la evaluación de los pies el

  8. Lettres à Auguste Comte

    OpenAIRE

    Mill, John Stuart

    2016-01-01

    Ces lettres sont écrites en français et sont reproduites sans correction.   India Housele 13 juillet 1843Mon cher Monsieur Comte J’espère que cette lettre vous atteindra avant le commencement de votre tournée officielle, qui du reste ne suspendra pas sans doute notre correspondance, et je ne doute pas qu’à quelque temps d’ici je serai plus en état de vous écrire convenablement. Le dérangement passager que je vous ai annoncé dans ma dernière lettre, de ma santé morale et physique, ne s’est pas...

  9. Association of COMT and COMT-DRD2 interaction with creative potential

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shun eZhang

    2014-04-01

    Full Text Available Several lines of evidence suggest that genes involved in dopamine (DA transmission may contribute to creativity. Among these genes, the catechol-O-methyltransferase gene (COMT and the dopamine D2 receptor gene (DRD2 are the most promising candidates. Our previous study has revealed evidence for the involvement of DRD2 in creative potential. The present study extended our previous study by systematically exploring the association of COMT with creative potential as well as the interaction between COMT and DRD2. Twelve single nucleotide polymorphisms (SNPs covering COMT were genotyped in 543 healthy Chinese college students whose creative potentials were assessed by divergent thinking tests. Single SNP analysis showed that rs174697 was nominally associated with verbal originality, two SNPs (rs737865 and rs5993883 were nominally associated with figural fluency, and two SNPs (rs737865 and rs4680 were nominally associated with figural originality. Haplotype analysis showed that, the TCT and CCT haplotype (rs737865-rs174675-rs5993882 were nominally associated with figural originality, and the TATGCAG and CGCGGGA haplotype (rs4646312-rs6269-rs4633-rs6267-rs4818-rs4680-rs769224 were nominally associated with figural originality and verbal flexibility, respectively. However, none of these nominal findings survived correction for multiple testing. Gene-gene interaction analysis identified one significant four-way interaction of rs174675 (COMT, rs174697 (COMT, rs1076560 (DRD2 and rs4436578 (DRD2 on verbal fluency, one significant four-way interaction of rs174675 (COMT, rs4818 (COMT, rs1076560 (DRD2 and rs4648317 (DRD2 on verbal flexibility, and one significant three-way interaction of rs5993883 (COMT, rs4648319 (DRD2 and rs4648317 (DRD2 on figural flexibility. In conclusion, the present study provides nominal evidence for the involvement of COMT in creative potential and suggests that DA related genes may act in coordination to contribute to creativity.

  10. COMT genotype, gambling activity, and cognition

    DEFF Research Database (Denmark)

    Grant, Jon E; Leppink, Eric W; Redden, Sarah A

    2015-01-01

    adjustment and delay aversion) and the Spatial Working Memory task (total errors). This study adds to the growing literature on the role of COMT in impulsive behaviors by showing that the Val/Val genotype was associated with specific clinical and cognitive elements among young adults who gamble......Neuropsychological studies of adults with problem gambling indicate impairments across multiple cognitive domains. Catechol-O-methyltransferase (COMT) plays a unique role in the regulation of dopamine in the prefrontal cortex, and has been implicated in the cognitive dysfunction evident in problem...... gambling. This study examined adults with varying levels of gambling behavior to determine whether COMT genotype was associated with differences in gambling symptoms and cognitive functioning. 260 non-treatment-seeking adults aged 18-29 years with varying degrees of gambling behavior provided saliva...

  11. Count on dopamine: influences of COMT polymorphisms on numerical cognition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annelise eJúlio-Costa

    2013-08-01

    Full Text Available Catechol-O-methyltransferase (COMT is an enzyme that is particularly important for the metabolism of dopamine. Functional polymorphisms of COMT have been implicated in working memory and numerical cognition. This is an exploratory study that aims at investigating associations between COMT polymorphisms, working memory and numerical cognition. Elementary school children from 2th to 6th grades were divided into two groups according to their COMT val158met polymorphism (homozygous for valine allele [n= 61] versus heterozygous plus methionine homozygous children or met+ group [n=94]. Both groups were matched for age and intelligence. Working memory was assessed through digit span and Corsi blocks. Symbolic numerical processing was assessed through transcoding and single-digit word problem tasks. Non-symbolic magnitude comparison and estimation tasks were used to assess number sense. Between-group differences were found in symbolic and non-symbolic numerical tasks, but not in working memory tasks. Children in the met+ group showed better performance in all numerical tasks while val homozygous children presented slower development of non-symbolic magnitude representations. These results suggest COMT-related dopaminergic modulation may be related not only to working memory, as found in previous studies, but also to the development of magnitude processing and magnitude representations.

  12. COMT-by-Sex Interaction Effect on Psychosis Proneness

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta de Castro-Catala

    2015-01-01

    Full Text Available Schizotypy phenotypes in the general population share etiopathogenic mechanisms and risk factors with schizophrenia, supporting the notion of psychosis as a continuum ranging from nonclinical to clinical deviance. Catechol-O-methyltransferase (COMT is a candidate susceptibility gene for schizophrenia that is involved in the regulation of dopamine in the prefrontal cortex. Several recent studies have reported a sex difference in the impact of COMT genotype on psychiatric and cognitive phenotypes and personality traits. The present study investigated the association of COMT Val158Met (rs4680 with psychometric positive and negative schizotypy and psychotic experiences in a sample of 808 nonclinical young adults. The main finding was that sex moderates the association of COMT genotype with the negative dimension of both schizotypy and psychotic experiences. Male subjects carrying the Val allele tended to score higher on the negative dimension of both trait and symptom-like measures. The results from the present study are consistent with recent work suggesting an association between negative schizotypy and diminished prefrontal dopamine availability. They support the idea that a biological differentiation underlies the positive and negative schizotypy dimensions. Additionally, these findings contribute to the growing literature on sex-specific effects of COMT on the predisposition to psychiatric disorders and personality traits.

  13. The enzymatic activities of brain catechol-O-methyltransferase (COMT) and methionine sulphoxide reductase are correlated in a COMT Val/Met allele-dependent fashion.

    Science.gov (United States)

    Moskovitz, Jackob; Walss-Bass, Consuelo; Cruz, Dianne A; Thompson, Peter M; Hairston, Jenaqua; Bortolato, Marco

    2015-12-01

    The enzyme catechol-O-methyltransferase (COMT) plays a primary role in the metabolism of catecholamine neurotransmitters and is implicated in the modulation of cognitive and emotional responses. The best characterized single nucleotide polymorphism (SNP) of the COMT gene consists of a valine (Val)-to-methionine (Met) substitution at codon 108/158. The Met-containing variant confers a marked reduction in COMT catalytic activity. We recently showed that the activity of recombinant COMT is positively regulated by the enzyme Met sulphoxide reductase (MSR), which counters the oxidation of Met residues of proteins. The current study was designed to assess whether brain COMT activity may be correlated to MSR in an allele-dependent fashion. COMT and MSR activities were measured from post-mortem samples of prefrontal cortices, striata and cerebella of 32 subjects by using catechol and dabsyl-Met sulphoxide as substrates, respectively. Allelic discrimination of COMT Val(108/185) Met SNP was performed using the Taqman 5'nuclease assay. Our studies revealed that, in homozygous carriers of Met, but not Val alleles, the activity of COMT and MSR was significantly correlated throughout all tested brain regions. These results suggest that the reduced enzymatic activity of Met-containing COMT may be secondary to Met sulphoxidation and point to MSR as a key molecular determinant for the modulation of COMT activity. © 2015 British Neuropathological Society.

  14. Le Comte de Monte Cristo: da literatura ao cinema

    OpenAIRE

    Caravela, Natércia Murta Silva

    2008-01-01

    A presente dissertação discute o diálogo estabelecido entre literatura e cinema no tratamento da personagem principal – um homem traído que se vinga de forma cruel dos seus inimigos – na obra literária Le Comte de Monte-Cristo, de Alexandre Dumas, e nas três adaptações fílmicas escolhidas: Le Comte de Monte-Cristo de Robert Vernay (1943); The count of Monte Cristo de David Greene (1975) e The count of Monte Cristo de Kevin Reynolds (2002). O projecto centra-se na análise da ...

  15. Influence of BDNF and COMT polymorphisms on emotional decision making.

    Science.gov (United States)

    Kang, Jee In; Namkoong, Kee; Ha, Ra Yeon; Jhung, Kyungun; Kim, Yang Tae; Kim, Se Joo

    2010-06-01

    Decision making is an important brain function. Although little is known about the genetic basis of decision making, it has been suggested that it is mediated by the modulation of neurotransmitter systems. We investigated how the BDNF Val66Met and COMT Val158Met polymorphisms affect emotional decision making using the Iowa Gambling Task (IGT). One hundred sixty-eight healthy Korean college students (93 males, 75 females) with a complete dataset were included in the data analysis. The IGT and genotyping for the polymorphisms of BDNF Val66Met and COMT Val158Met were performed. Both Met/Met and Val/Met of the BDNF Val66Met polymorphism were significantly associated with a lower mean score of blocks 3-5 of the IGT and with less improvement from block 1 to block 3-5 than the Val/Val. However, the BDNF was not significantly associated with the score of block 1, and the COMT Val158Met polymorphism produced no significant effect on IGT performance. No interaction effect was observed between the BDNF and the COMT for the IGT. These findings suggest the BDNF Val66Met may affect the emotional decision making performance. (c) 2010 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  16. COMT Val(158)Met genotype determines the direction of cognitive effects produced by catechol-O-methyltransferase inhibition.

    Science.gov (United States)

    Farrell, Sarah M; Tunbridge, Elizabeth M; Braeutigam, Sven; Harrison, Paul J

    2012-03-15

    Catechol-O-methyltransferase (COMT) metabolizes dopamine. The COMT Val(158)Met polymorphism influences its activity, and multiple neural correlates of this genotype on dopaminergic phenotypes, especially working memory, have been reported. COMT activity can also be regulated pharmacologically by COMT inhibitors. The inverted-U relationship between cortical dopamine signaling and working memory predicts that the effects of COMT inhibition will differ according to COMT genotype. Thirty-four COMT Met(158)Met (Met-COMT) and 33 COMT Val(158)Val (Val-COMT) men were given a single 200-mg dose of the brain-penetrant COMT inhibitor tolcapone or placebo in a randomized, double-blind, between-subjects design. They completed the N-back task of working memory and a gambling task. In the placebo group, Met-COMT subjects outperformed Val-COMT subjects on the 2- back, and they were more risk averse. Tolcapone had opposite effects in the two genotype groups: it worsened N-back performance in Met-COMT subjects but enhanced it in Val-COMT subjects. Tolcapone made Met-COMT subjects less risk averse but Val-COMT subjects more so. In both tasks, tolcapone reversed the baseline genotype differences. Depending on genotype, COMT inhibition can enhance or impair working memory and increase or decrease risky decision making. To our knowledge, the data are the clearest demonstration to date that the direction of effect of a drug can be influenced by a polymorphism in its target gene. The results support the inverted-U model of dopamine function. The findings are of translational relevance, because COMT inhibitors are used in the adjunctive treatment of Parkinson's disease and are under evaluation in schizophrenia and other disorders. Copyright © 2012 Society of Biological Psychiatry. Published by Elsevier Inc. All rights reserved.

  17. The effect of COMT gene on the target precision of the athlete movement

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. V. Mikhailova

    2014-01-01

    Full Text Available The aim of the study was to find correlation between COMT gene alleles and the target precision of the athlete movement. 68 Russian competing athletes involved in boxing and volleyball, participated in the study. We found interrelation between COMT Met allele and a tall stature in the volleyball players.

  18. Genetic variation in COMT and PRODH is associated with brain anatomy in patients with schizophrenia

    NARCIS (Netherlands)

    Zinkstok, J.; Schmitz, N.; van Amelsvoort, T.; Moeton, M.; Baas, F.; Linszen, D.

    2008-01-01

    Haploinsufficiency of 22q11 genes including catechol-O-methyltransferase (COMT) and proline dehydrogenase (PRODH) may result in structural and functional brain abnormalities and increased vulnerability to schizophrenia as observed in patients with microdeletions of 22q11. Thus, COMT and PRODH could

  19. estimation of the sanitary impact associated to the domestic exposure to radon in Franche-Comte

    International Nuclear Information System (INIS)

    Catelinois, O.; Pirard, P.; Clinard, F.; Aury, K.; Tillier, C.; Aury, K.; Noury, L.; Hochard, A.

    2008-01-01

    The importance of the impact of public health associate to domestic radon exposure in Franche-Comte is clearly formulated. The radon concentrations are higher in the granite areas. However, the impact is essentially concentrated in the Franche-Comte sedimentary areas where the essential of the population lives. (N.C.)

  20. Prognostic factors for recurrence of a first seizure during childhood Estudo dos fatores prognósticos na recorrência da primeira crise convulsiva na infância

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Isabel Bragatti Winckler

    1997-01-01

    Full Text Available This study was designed with the objective of evaluating the chance of recurrence in our area and to answer questions regarding prognostic factors capable of helping in the management of the first seizure in childhood. One hundred and thirty six children from 1 month to 12 years of age seen at the Pediatric Emergency Division of Hospital de Clínicas de Porto Alegre because of a first seizure with or without triggering factors were included in the study. The follow-up included 121 children. We concluded that family history of seizures, presence of triggering factors at first event, seizure type, seizure duration and paroxysmal electroencephalographic abnormalities were predictive factors for seizure recurrence. The recurrence in this sample was 36.36% during the study. Cumulative recurrence risks were 14.88%, 23.14%, 28.93%, 33.06% and 35.54% to 3, 6, 9, 12 and 15 months, respectively.Este estudo foi elaborado com a finalidade de avaliar a possibilidade de recorrência e de responder a questões referentes a fatores prognósticos capazes de auxiliar no manejo da primeira crise convulsiva na infância. Foram incluídas 136 crianças com idades entre 1 mês e 12 anos atendidas no Setor de Emergência Pediátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre por ocasião da primeira crise convulsiva, com ou sem fator desencadeante. Foram seguidas 121 crianças por 24 meses, concluindo-se que história familiar de crise convulsiva, existência de fatores desencadeantes na primeira convulsão, tipo de crise, duração da crise e alterações paroxísticas no primeiro eletrencefalograma foram fatores preditivos para a recorrência de crise convulsiva. A recorrência foi de 36,36% no tempo em que durou o estudo. Os riscos acumulados para recorrência nesta amostra foram 14,88%, 23,14%, 28,93%, 33,06% e 35,54% para 3, 6, 9, 12 e 15 meses, respectivamente.

  1. Gender effects of the COMT Val 158 Met genotype on verbal fluency in healthy adults.

    Science.gov (United States)

    Soeiro-De-Souza, Marcio Gerhardt; Bio, Danielle Soares; David, Denise Petresco; Missio, Giovani; Lima, Bruno; Fernandes, Fernando; Machado-Vieira, Rodrigo; Moreno, Ricardo Alberto

    2013-09-01

    Cognitive performance in healthy individuals is associated with gender differences in specific tests; a female advantage has been demonstrated in language tests, whereas a male advantage has been demonstrated in spatial relation examinations. The prefrontal cortex (PFC) mediates important cognitive domains and is influenced by dopamine (DA) activity. The single nucleotide polymorphism (SNP) rs4680 in the catechol‑O‑methyltransferase (COMT) gene results in an amino acid substitution from valine (Val) to methionine (Met). The Met allele has been demonstrated to decrease COMT enzyme activity and improve PFC cognitive function. COMT regulates DA activity in the PFC and exhibits gender effects. The aim of the present study was to investigate the gender‑specific effects of the COMT genotype on cognition in healthy young adults. Seventy‑six healthy subjects were genotyped for COMT rs4680 and submitted to an extensive range of neuropsychological tests assessing aspects of PFC function. The COMT Met allele influenced the performance of executive function. The results revealed gender effects of the COMT rs4680 Met allele on verbal fluency, with positive effects in males and negative effects in females. This suggested that DA activity affects cognitive function in different ways, according to gender.

  2. COMT val108/158 met genotype affects neural but not cognitive processing in healthy individuals.

    Science.gov (United States)

    Dennis, Nancy A; Need, Anna C; LaBar, Kevin S; Waters-Metenier, Sheena; Cirulli, Elizabeth T; Kragel, James; Goldstein, David B; Cabeza, Roberto

    2010-03-01

    The relationship between cognition and a functional polymorphism in the catechol-O-methlytransferase (COMT) gene, val108/158met, is one of debate in the literature. Furthermore, based on the dopaminergic differences associated with the COMT val108/158met genotype, neural differences during cognition may be present, regardless of genotypic differences in cognitive performance. To investigate these issues the current study aimed to 1) examine the effects of COMT genotype using a large sample of healthy individuals (n = 496-1218) and multiple cognitive measures, and using a subset of the sample (n = 22), 2) examine whether COMT genotype effects medial temporal lobe (MTL) and frontal activity during successful relational memory processing, and 3) investigate group differences in functional connectivity associated with successful relational memory processing. Results revealed no significant group difference in cognitive performance between COMT genotypes in any of the 19 cognitive measures. However, in the subset sample, COMT val homozygotes exhibited significantly decreased MTL and increased prefrontal activity during both successful relational encoding and retrieval, and reduced connectivity between these regions compared with met homozygotes. Taken together, the results suggest that although the COMT val108/158met genotype has no effect on cognitive behavioral measures in healthy individuals, it is associated with differences in neural process underlying cognitive output.

  3. Influence of COMT genotype and affective distractors on the processing of self-generated thought.

    Science.gov (United States)

    Kilford, Emma J; Dumontheil, Iroise; Wood, Nicholas W; Blakemore, Sarah-Jayne

    2015-06-01

    The catechol-O-methyltransferase (COMT) enzyme is a major determinant of prefrontal dopamine levels. The Val(158)Met polymorphism affects COMT enzymatic activity and has been associated with variation in executive function and affective processing. This study investigated the effect of COMT genotype on the flexible modulation of the balance between processing self-generated and processing stimulus-oriented information, in the presence or absence of affective distractors. Analyses included 124 healthy adult participants, who were also assessed on standard working memory (WM) tasks. Relative to Val carriers, Met homozygotes made fewer errors when selecting and manipulating self-generated thoughts. This effect was partly accounted for by an association between COMT genotype and visuospatial WM performance. We also observed a complex interaction between the influence of affective distractors, COMT genotype and sex on task accuracy: male, but not female, participants showed a sensitivity to the affective distractors that was dependent on COMT genotype. This was not accounted for by WM performance. This study provides novel evidence of the role of dopaminergic genetic variation on the ability to select and manipulate self-generated thoughts. The results also suggest sexually dimorphic effects of COMT genotype on the influence of affective distractors on executive function. © The Author (2014). Published by Oxford University Press.

  4. Association of functional variations in COMT and GCH1 genes with postherniotomy pain and related impairment

    DEFF Research Database (Denmark)

    Belfer, Inna; Dai, Feng; Kehlet, Henrik

    2015-01-01

    Persistent postoperative pain is a well-established clinical problem with potential severe personal and socioeconomic implications. The prevalence of persistent pain varies across surgery types. Severe persistent pain and related impairment occur in 5% to 10% of patients after groin hernia repair....... The substantial interindividual variability in pain-related phenotypes within each surgery type cannot be explained by environmental factors alone, suggesting that genetic variation may play a role. We investigated the contribution of COMT and GCH1 to persistent postherniotomy pain (PPP)-related functional...... moderate-to-severe pain-related activity impairment 6 months postoperatively as measured by Activity Assessment Scale (≥8.3). Patients with the G allele of COMT SNP rs6269 and C allele of COMT SNP rs4633 had less impairment (P = 0.03 and 0.01, respectively); in addition, the COMT haplotype GCG...

  5. COMT and MTHFR polymorphisms interaction on cognition in schizophrenia: an exploratory study.

    Science.gov (United States)

    Kontis, Dimitrios; Theochari, Eirini; Fryssira, Helen; Kleisas, Spyridon; Sofocleous, Christalena; Andreopoulou, Angeliki; Kalogerakou, Stamatina; Gazi, Anthia; Boniatsi, Lucia; Chaidemenos, Alexandros; Tsaltas, Eleftheria

    2013-03-14

    The investigation of the catechol-O-methyltransferase (COMT-[rs4680]) and methylenetetrahydrofolate reductase (MTHFR-[rs1801133]) polymorphisms' interaction might shed light into the pathogenetic mechanisms of the cognitive dysfunction in schizophrenia. In an exploratory study, we hypothesized that the MTHFR 677T allele which has been related to a hypoactive MTHFR enzyme would augment the unfavorable effects of COMT Val158 homozygosity which has been associated with COMT enzyme hyperfunction. 90 schizophrenia patients and 55 healthy volunteers were assessed on psychomotor speed, pattern and spatial recognition memory (SRM), spatial working memory (SWM), attentional flexibility and planning (Stockings of Cambridge-SOC). IQ scores in a random subgroup of patients were also measured. A significant COMT×MTHFR interaction on SWM (p=0.048) and planning (p=0.026) was revealed in both groups. Among COMT-Val/Val participants, MTHFR-C/C made more SWM errors (p=0.033) and solved fewer SOC problems (p=0.025) than MTHFR-T carriers. In patients, there was a significant COMT×MTHFR interaction on full scale IQ (p=0.035): among COMT-Met carriers, MTHFR-T carriers performed significantly worse than MTHFR-C/C (p=0.021), which was driven by a COMT×MTHFR interaction involving performance IQ (p=0.047). In conclusion, COMT and MTHFR polymorphisms interacted on cognition, suggesting that the MTHFR enzyme activity might moderate the effects of the COMT enzyme. In contrast to our initial hypothesis, the MTHFR T-allele attenuated the cognitive effects of COMT Val homozygosity. In this preliminary study, we propose that dopaminergic and intracellular methylation mechanisms could interact on cognitive deficits in schizophrenia. Copyright © 2013 Elsevier Ireland Ltd. All rights reserved.

  6. Physical and verbal aggressive behavior and COMT genotype: Sensitivity to the environment.

    Science.gov (United States)

    Tuvblad, Catherine; Narusyte, Jurgita; Comasco, Erika; Andershed, Henrik; Andershed, Anna-Karin; Colins, Olivier F; Fanti, Kostas A; Nilsson, Kent W

    2016-07-01

    Catechol-O-methyltransferase (COMT) genotype has been implicated as a vulnerability factor for several psychiatric diseases as well as aggressive behavior, either directly, or in interaction with an adverse environment. The present study aimed at investigating the susceptibility properties of COMT genotype to adverse and favorable environment in relation to physical and verbal aggressive behavior. The COMT Val158Met polymorphism was genotyped in a Swedish population-based cohort including 1,783 individuals, ages 20-24 years (47% males). A significant three-way interaction was found, after correction for multiple testing, between COMT genotype, exposure to violence, and parent-child relationship in association with physical but not verbal aggressive behavior. Homozygous for the Val allele reported lower levels of physical aggressive behavior when they were exposed to violence and at the same time experienced a positive parent-child relationship compared to Met carriers. Thus, susceptibility properties of COMT genotype were observed in relation to physical aggressive behavior supporting the hypothesis that COMT genotypes are modifying the sensitivity to environment that confers either risk or protection for aggressive behavior. As these are novel findings, they warrant further investigation and replication in independent samples. © 2016 Wiley Periodicals, Inc. © 2016 Wiley Periodicals, Inc.

  7. Modification of COMT-dependent pain sensitivity by psychological stress and sex.

    Science.gov (United States)

    Meloto, Carolina B; Bortsov, Andrey V; Bair, Eric; Helgeson, Erika; Ostrom, Cara; Smith, Shad B; Dubner, Ronald; Slade, Gary D; Fillingim, Roger B; Greenspan, Joel D; Ohrbach, Richard; Maixner, William; McLean, Samuel A; Diatchenko, Luda

    2016-04-01

    Catecholamine-O-methyltransferase (COMT) is a polymorphic gene whose variants affect enzymatic activity and pain sensitivity via adrenergic pathways. Although COMT represents one of the most studied genes in human pain genetics, findings regarding its association with pain phenotypes are not always replicated. Here, we investigated if interactions among functional COMT haplotypes, stress, and sex can modify the effect of COMT genetic variants on pain sensitivity. We tested these interactions in a cross-sectional study, including 2 cohorts, one of 2972 subjects tested for thermal pain sensitivity (Orofacial Pain: Prospective Evaluation and Risk Assessment) and one of 948 subjects with clinical acute pain after motor vehicle collision (post-motor vehicle collision). In both cohorts, the COMT high-pain sensitivity (HPS) haplotype showed robust interaction with stress and number of copies of the HPS haplotype was positively associated with pain sensitivity in nonstressed individuals, but not in stressed individuals. In the post-motor vehicle collision cohort, there was additional modification by sex: the HPS-stress interaction was apparent in males, but not in females. In summary, our findings indicate that stress and sex should be evaluated in association studies aiming to investigate the effect of COMT genetic variants on pain sensitivity.

  8. Fatores associados à enterocolite necrosante

    OpenAIRE

    Vieira,Maria Teresa Campos; Lopes,José Maria de Andrade

    2003-01-01

    OBJETIVO: avaliar as formas de apresentação clínica da enterocolite necrosante neonatal e os fatores associados à doença. MÉTODOS: estudo retrospectivo dos casos de enterocolite necrosante neonatal (ECN) (n = 56) ocorridos na UTI Neonatal Lagoa, entre dezembro de 1986 e julho de 1992. O diagnóstico e estadiamento da doença seguiram o critério de Bell modificado. Foram avaliados o diagnóstico e a evolução de todos os casos. Posteriormente, foram selecionados os casos de enterocolite grau II e ...

  9. The effect of the COMT val(158)met polymorphism on neural correlates of semantic verbal fluency.

    Science.gov (United States)

    Krug, Axel; Markov, Valentin; Sheldrick, Abigail; Krach, Sören; Jansen, Andreas; Zerres, Klaus; Eggermann, Thomas; Stöcker, Tony; Shah, N Jon; Kircher, Tilo

    2009-12-01

    Variation in the val(158)met polymorphism of the COMT gene has been found to be associated with cognitive performance. In functional neuroimaging studies, this dysfunction has been linked to signal changes in prefrontal areas. Given the complex modulation and functional heterogeneity of frontal lobe systems, further specification of COMT gene-related phenotypes differing in prefrontally mediated cognitive performance are of major interest. Eighty healthy individuals (54 men, 26 women; mean age 23.3 years) performed an overt semantic verbal fluency task while brain activation was measured with functional magnetic resonance imaging (fMRI). COMT val(158)met genotype was determined and correlated with brain activation measured with fMRI during the task. Although there were no differences in performance, brain activation in the left inferior frontal gyrus [Brodmann area 10] was positively correlated with the number of val alleles in the COMT gene. COMT val(158)met status modulates brain activation during the language production on a semantic level in an area related to executive functions.

  10. Interaction Effects of BDNF and COMT Genes on Resting-State Brain Activity and Working Memory

    Science.gov (United States)

    Chen, Wen; Chen, Chunhui; Xia, Mingrui; Wu, Karen; Chen, Chuansheng; He, Qinghua; Xue, Gui; Wang, Wenjing; He, Yong; Dong, Qi

    2016-01-01

    Catechol-O-methyltransferase (COMT) and brain-derived neurotrophic factor (BDNF) genes have been found to interactively influence working memory (WM) as well as brain activation during WM tasks. However, whether the two genes have interactive effects on resting-state activities of the brain and whether these spontaneous activations correlate with WM are still unknown. This study included behavioral data from WM tasks and genetic data (COMT rs4680 and BDNF Val66Met) from 417 healthy Chinese adults and resting-state fMRI data from 298 of them. Significant interactive effects of BDNF and COMT were found for WM performance as well as for resting-state regional homogeneity (ReHo) in WM-related brain areas, including the left medial frontal gyrus (lMeFG), left superior frontal gyrus (lSFG), right superior and medial frontal gyrus (rSMFG), right medial orbitofrontal gyrus (rMOFG), right middle frontal gyrus (rMFG), precuneus, bilateral superior temporal gyrus, left superior occipital gyrus, right middle occipital gyrus, and right inferior parietal lobule. Simple effects analyses showed that compared to other genotypes, subjects with COMT-VV/BDNF-VV had higher WM and lower ReHo in all five frontal brain areas. The results supported the hypothesis that COMT and BDNF polymorphisms influence WM performance and spontaneous brain activity (i.e., ReHo). PMID:27853425

  11. The quantification of COMT mRNA in post mortem cerebellum tissue: diagnosis, genotype, methylation and expression

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Craig Ian W

    2006-02-01

    Full Text Available Abstract Background The COMT gene is located on chromosome 22q11, a region strongly implicated in the aetiology of several psychiatric disorders, in particular schizophrenia. Previous research has suggested that activity and expression of COMT is altered in schizophrenia, and is mediated by one or more polymorphisms within the gene, including the functional Val158Met polymorphism. Method In this study we examined the expression levels of COMT mRNA using quantitative RT-PCR in 60 post mortem cerebellum samples derived from individuals with schizophrenia, bipolar disorder, depression, and no history of psychopathology. Furthermore, we have examined the methylation status of two CpG sites in the promoter region of the gene. Results We found no evidence of altered COMT expression or methylation in any of the psychiatric diagnoses examined. We did, however, find evidence to suggest that genotype is related to COMT gene expression, replicating the findings of two previous studies. Specifically, val158met (rs165688; Val allele rs737865 (G allele and rs165599 (G allele all showed reduced expression (P COMT expression, with females exhibiting significantly greater levels of COMT mRNA. Conclusion The expression of COMT does not appear to be altered in the cerebellum of individuals suffering from schizophrenia, bipolar disorder or depression, but does appear to be influenced by single nucleotide polymorphisms within the gene.

  12. Simultaneous Downregulation of MTHFR and COMT in Switchgrass Affects Plant Performance and Induces Lesion-Mimic Cell Death

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sijia Liu

    2017-06-01

    Full Text Available Switchgrass (Panicum virgatum has been developed into a model lignocellulosic bioenergy crop. Downregulation of caffeic acid O-methyltransferase (COMT, a key enzyme in lignin biosynthesis, has been shown to alter lignification and increase biofuel yield in switchgrass. Methylenetetrahydrofolate reductase (MTHFR mediates C1 metabolism and provides methyl units consumed by COMT. It was predicted that co-silencing of MTHFR and COMT would impact lignification even more than either of the single genes. However, our results showed that strong downregulation of MTHFR in a COMT-deficient background led to altered plant growth and development, but no significant change in lignin content or composition was found when compared with COMT plants. Another unexpected finding was that the double MTHFR/COMT downregulated plants showed a novel lesion-mimic leaf phenotype. Molecular analyses revealed that the lesion-mimic phenotype was caused by the synergistic effect of MTHFR and COMT genes, with MTHFR playing a predominant role. Microarray analysis showed significant induction of genes related to oxidative and defense responses. The results demonstrated the lack of additive effects of MTHFR and COMT on lignification. Furthermore, this research revealed an unexpected role of the two genes in the modulation of lesion-mimic cell death as well as their synergistic effects on agronomic performance.

  13. MB-COMT promoter DNA methylation is associated with working-memory processing in schizophrenia patients and healthy controls

    NARCIS (Netherlands)

    E. Walton (Esther); J. Liu (Jingyu); J. Hass (Johanna); T.J.H. White (Tonya); M. Scholz (Markus); V. Rœssner (Veit); R.L. Gollub (Randy); V.D. Calhoun (Vince); S.M. Ehrlich (Stefan)

    2014-01-01

    textabstractMany genetic studies report mixed results both for the associations between COMT polymorphisms and schizophrenia and for the effects of COMT variants on common intermediate phenotypes of the disorder. Reasons for this may include small genetic effect sizes and the modulation of

  14. Simultaneous Downregulation of MTHFR and COMT in Switchgrass Affects Plant Performance and Induces Lesion-Mimic Cell Death.

    Science.gov (United States)

    Liu, Sijia; Fu, Chunxiang; Gou, Jiqing; Sun, Liang; Huhman, David; Zhang, Yunwei; Wang, Zeng-Yu

    2017-01-01

    Switchgrass ( Panicum virgatum ) has been developed into a model lignocellulosic bioenergy crop. Downregulation of caffeic acid O -methyltransferase (COMT), a key enzyme in lignin biosynthesis, has been shown to alter lignification and increase biofuel yield in switchgrass. Methylenetetrahydrofolate reductase (MTHFR) mediates C1 metabolism and provides methyl units consumed by COMT. It was predicted that co-silencing of MTHFR and COMT would impact lignification even more than either of the single genes. However, our results showed that strong downregulation of MTHFR in a COMT -deficient background led to altered plant growth and development, but no significant change in lignin content or composition was found when compared with COMT plants. Another unexpected finding was that the double MTHFR/COMT downregulated plants showed a novel lesion-mimic leaf phenotype. Molecular analyses revealed that the lesion-mimic phenotype was caused by the synergistic effect of MTHFR and COMT genes, with MTHFR playing a predominant role. Microarray analysis showed significant induction of genes related to oxidative and defense responses. The results demonstrated the lack of additive effects of MTHFR and COMT on lignification. Furthermore, this research revealed an unexpected role of the two genes in the modulation of lesion-mimic cell death as well as their synergistic effects on agronomic performance.

  15. Remote memories are enhanced by COMT activity through dysregulation of the endocannabinoid system in the prefrontal cortex.

    Science.gov (United States)

    Scheggia, D; Zamberletti, E; Realini, N; Mereu, M; Contarini, G; Ferretti, V; Managò, F; Margiani, G; Brunoro, R; Rubino, T; De Luca, M A; Piomelli, D; Parolaro, D; Papaleo, F

    2018-04-01

    The prefrontal cortex (PFC) is a crucial hub for the flexible modulation of recent memories (executive functions) as well as for the stable organization of remote memories. Dopamine in the PFC is implicated in both these processes and genetic variants affecting its neurotransmission might control the unique balance between cognitive stability and flexibility present in each individual. Functional genetic variants in the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene result in a different catabolism of dopamine in the PFC. However, despite the established role played by COMT genetic variation in executive functions, its impact on remote memory formation and recall is still poorly explored. Here we report that transgenic mice overexpressing the human COMT-Val gene (COMT-Val-tg) present exaggerated remote memories (>50 days) while having unaltered recent memories (remote memories as silencing COMT Val overexpression starting from 30 days after the initial aversive conditioning normalized remote memories. COMT genetic overactivity produced a selective overdrive of the endocannabinoid system within the PFC, but not in the striatum and hippocampus, which was associated with enhanced remote memories. Indeed, acute pharmacological blockade of CB1 receptors was sufficient to rescue the altered remote memory recall in COMT-Val-tg mice and increased PFC dopamine levels. These results demonstrate that COMT genetic variations modulate the retrieval of remote memories through the dysregulation of the endocannabinoid system in the PFC.

  16. Structural Characterization of Lignin in Wild-Type versus COMT Down-Regulated Switchgrass

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Samuel, Reichel [School of Chemistry and Biochemistry, Georgia Institute of Technology, Atlanta, GA (United States); BioEnergy Science Center, Oak Ridge, TN (United States); Pu, Yunqiao, E-mail: yunqiao.pu@ipst.gatech.edu [BioEnergy Science Center, Oak Ridge, TN (United States); Institute of Paper Science and Technology, Georgia Institute of Technology, Atlanta, GA (United States); Jiang, Nan [School of Chemistry and Biochemistry, Georgia Institute of Technology, Atlanta, GA (United States); BioEnergy Science Center, Oak Ridge, TN (United States); Fu, Chunxiang [Forage Improvement Division, The Samuel Roberts Noble Foundation, Ardmore, OK (United States); Wang, Zeng-Yu [BioEnergy Science Center, Oak Ridge, TN (United States); Forage Improvement Division, The Samuel Roberts Noble Foundation, Ardmore, OK (United States); Ragauskas, Arthur, E-mail: yunqiao.pu@ipst.gatech.edu [School of Chemistry and Biochemistry, Georgia Institute of Technology, Atlanta, GA (United States); BioEnergy Science Center, Oak Ridge, TN (United States)

    2014-01-20

    This study examined the chemical structural characteristics of cellulolytic enzyme lignin isolated from switchgrass focusing on comparisons between wild-type control and caffeic acid 3-O-methyltransferase (COMT) down-regulated transgenic line. Nuclear magnetic resonance techniques including {sup 13}C, {sup 31}P, and two-dimensional {sup 13}C-{sup 1}H heteronuclear single quantum coherence as well as gel permeation chromatography were employed. Compared to the wild-type, the COMT down-regulated transgenic switchgrass lignin demonstrated a decrease in syringyl (S):guaiacyl (G) ratio and p-coumarate:ferulate ratio, an increase in relative abundance of phenylcoumaran unit, and a comparable content of total free phenolic OH groups along with formation of benzodioxane unit. In addition, COMT down-regulation had no significant effects on the lignin molecular weights during its biosynthesis process.

  17. Cognitive manic symptoms in bipolar disorder associated with polymorphisms in the DAOA and COMT genes.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dzana Sudic Hukic

    Full Text Available INTRODUCTION: Bipolar disorder is characterized by severe mood symptoms including major depressive and manic episodes. During manic episodes, many patients show cognitive dysfunction. Dopamine and glutamate are important for cognitive processing, thus the COMT and DAOA genes that modulate the expression of these neurotransmitters are of interest for studies of cognitive function. METHODOLOGY: Focusing on the most severe episode of mania, a factor was found with the combined symptoms of talkativeness, distractibility, and thought disorder, considered a cognitive manic symptoms (CMS factor. 488 patients were genotyped, out of which 373 (76% had talkativeness, 269 (55% distractibility, and 372 (76% thought disorder. 215 (44% patients were positive for all three symptoms, thus showing CMS (Table 1. As population controls, 1,044 anonymous blood donors (ABD were used. Case-case and case-control design models were used to investigate genetic associations between cognitive manic symptoms in bipolar 1 disorder and SNPs in the COMT and DAOA genes. [Table: see text]. RESULTS: The finding of this study was that cognitive manic symptoms in patients with bipolar 1 disorder was associated with genetic variants in the DAOA and COMT genes. Nominal association for DAOA SNPs and COMT SNPs to cognitive symptoms factor in bipolar 1 disorder was found in both allelic (Table 2 and haplotypic (Table 3 analyses. Genotypic association analyses also supported our findings. However, only one association, when CMS patients were compared to ABD controls, survived correction for multiple testing by max (T permutation. Data also suggested interaction between SNPs rs2391191 in DAOA and rs5993883 in COMT in the case-control model. [Table: see text] [Table: see text]. CONCLUSION: Identifying genes associated with cognitive functioning has clinical implications for assessment of prognosis and progression. Our finding are consistent with other studies showing genetic associations

  18. Nonlinear modulation of interacting between COMT and depression on brain function.

    Science.gov (United States)

    Gong, L; He, C; Yin, Y; Ye, Q; Bai, F; Yuan, Y; Zhang, H; Lv, L; Zhang, H; Zhang, Z; Xie, C

    2017-09-01

    The catechol-O-methyltransferase (COMT) gene is related to dopamine degradation and has been suggested to be involved in the pathogenesis of major depressive disorder (MDD). However, how this gene affects brain function properties in MDD is still unclear. Fifty patients with MDD and 35 cognitively normal participants underwent a resting-state functional magnetic resonance imaging scan. A voxelwise and data-drive global functional connectivity density (gFCD) analysis was used to investigate the main effects and the interactions of disease states and COMT rs4680 gene polymorphism on brain function. We found significant group differences of the gFCD in bilateral fusiform area (FFA), post-central and pre-central cortex, left superior temporal gyrus (STG), rectal and superior temporal gyrus and right ventrolateral prefrontal cortex (vlPFC); abnormal gFCDs in left STG were positively correlated with severity of depression in MDD group. Significant disease×COMT interaction effects were found in the bilateral calcarine gyrus, right vlPFC, hippocampus and thalamus, and left SFG and FFA. Further post-hoc tests showed a nonlinear modulation effect of COMT on gFCD in the development of MDD. Interestingly, an inverted U-shaped modulation was found in the prefrontal cortex (control system) but U-shaped modulations were found in the hippocampus, thalamus and occipital cortex (processing system). Our study demonstrated nonlinear modulation of the interaction between COMT and depression on brain function. These findings expand our understanding of the COMT effect underlying the pathophysiology of MDD. Copyright © 2017 Elsevier Masson SAS. All rights reserved.

  19. Epistatic Interaction of CYP1A1 and COMT Polymorphisms in Cervical Cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andreia Matos

    2016-01-01

    Full Text Available There is a clear association between the excessive and cumulative exposure to estrogens and the development of cancer in hormone-sensitive tissues, such as the cervix. We studied the association of CYP1A1 M1 (rs4646903 and COMT (rs4680 polymorphisms in 130 cervical cancer cases (c-cancer and 179 controls. The CYP1A1 TT genotype was associated with a lower risk for c-cancer (OR = 0.39, p=0.002. The allele C of CYP1A1 was a risk for c-cancer (OR = 2.29, p=0.002. Women with COMT LL genotype had a higher risk of developing c-cancer (OR = 4.83, p<0.001. For the interaction of the CYP1A1&COMT, we observed that TC&HL genotypes had a greater risk for c-cancer (OR = 6.07, p=0.006 and TT&HL genotypes had a protection effect (OR = 0.24, p<0.001. The CYP1A1 TT and COMT LL genotypes had higher estradiol levels in c-cancer (p<0.001 and p=0.037, resp.. C-cancer is associated with less production of 2-methoxy-estradiol resultant of functional polymorphisms of CYP1A1 and COMT, separately. CYP1A1 and COMT work in a metabolic sequence and their interaction could lead to an alternative pathway of estrogen metabolism with production of 16-OH-estrone that is more proliferative.

  20. The Role of Catechol-O-Methyltransferase (COMT Gene in the Etiopathogenesis of Schizophrenia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ceren Acar

    2014-09-01

    Full Text Available Genetic factors in the risk of developing schizophrenia is of great importance. With the help of the advances in the field of genetics in recent years by using linkage analysis several genes have been identified that may be a risk factor in schizophrenia. Several association studies have been performed in many different populations on the candidate susceptibility genes that were defined in previous studies. However, these studies give controversial results in different countries with different populations, and there are problems in obtaining replicable results. In this review we aimed to focus on the genetic basis of schizophrenia and the relationship between schizophrenia and catechol-O-methyltransferase (COMT gene. COMT encodes an enzyme molecule which has an important function in dopamine pathways. It has great importance in catecholamine metabolism and pharmacology and genetic mechanism of catechol metabolism variations and their clinical consequences. COMT transfers the methyl group from S-adenosyl-methionine to the hydroxyl group of catechol nucleus (such as dopamine, norepinephrine or catechol estrogen. Genetic variations found in COMT gene are associated with a broad spectrum of clinical phenotype including psychiatric disorders or estrogen related cancers. Several groups have performed studies on the relationship between schizophrenia and COMT. The most commonly studied polymorphism in COMT gene is rs4680 and it causes a valine methionine conversion at codon 158. The association studies on this polymorphism in different populations gave both positive and negative results. Schizoprenia is a complex disease caused by the interaction of environmental and genetic factors, while interpreting the genetic data, this fact and the possibility of the presence of different gene products should be taken into account. [Psikiyatride Guncel Yaklasimlar - Current Approaches in Psychiatry 2014; 6(3.000: 217-226

  1. COMT Diplotype Amplifies Effect of Stress on Risk of Temporomandibular Pain.

    Science.gov (United States)

    Slade, G D; Sanders, A E; Ohrbach, R; Bair, E; Maixner, W; Greenspan, J D; Fillingim, R B; Smith, S; Diatchenko, L

    2015-09-01

    When measured once, psychological stress predicts development of painful temporomandibular disorder (TMD). However, a single measurement fails to characterize the dynamic nature of stress over time. Moreover, effects of stress on pain likely vary according to biological susceptibility. We hypothesized that temporal escalation in stress exacerbates risk for TMD, and the effect is amplified by allelic variants in a gene, catechol-O-methyltransferase (COMT), regulating catechol neurotransmitter catabolism. We used data from the Orofacial Pain: Prospective Evaluation and Risk Assessment prospective cohort study of 2,707 community-dwelling adults with no lifetime history of TMD on enrollment. At baseline and quarterly periods thereafter, the Perceived Stress Scale (PSS) measured psychological stress. Genotyped DNA from blood samples determined COMT diplotypes. During follow-up of 0.25 to 5.2 y, 248 adults developed examiner-verified incident TMD. PSS scores at baseline were 20% greater (P stress escalation was limited to incident cases with COMT diplotypes coding for low-activity COMT, signifying impaired catabolism of catecholamines. Cox regression models confirmed significant effects on TMD hazard of both baseline PSS (P stress showed that a postbaseline increase of 1.0 standard deviation in PSS more than doubled risk of TMD incidence in subjects with low-activity COMT diplotypes (hazard ratio = 2.35; 95% confidence limits: 1.66, 3.32), an effect not found in subjects with high-activity COMT diplotypes (hazard ratio = 1.42; 95% confidence limits: 0.96, 2.09). Findings provide novel insights into dynamic effects of psychological stress on TMD pain, highlighting that effects are most pronounced in individuals whose genetic susceptibility increases responsiveness to catecholamine neurotransmitters. © International & American Associations for Dental Research 2015.

  2. Association of the 3′ Region of COMT with Schizophrenia in Taiwan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yi-Ling Chien

    2009-04-01

    Conclusion: The SNP rs165599, which has been mapped to the 3′-UTR region of the COMT gene, was significantly associated with schizophrenia in our family study, and possibly associated with the age of onset, delusion/hallucination symptom dimension, and CPT performance. Therefore, COMT may contribute to the genetic risk for schizophrenia not through the Val108/158 Met polymorphism, but through other variants that are situated 3′ to this region, in the Taiwanese population. Nevertheless, the true associated functional variants in our subjects remain to be elucidated.

  3. Measurements of radon concentrations in a sample representative of housing in Franche-Comte

    International Nuclear Information System (INIS)

    Aury, K.; Clinard, F.; Tillier, C.; Catelinois, O.; Pirard, P.; Aury, K.; Nourry, L.; Hochart, A.

    2008-01-01

    Three departments on four ones in Franche-Comte are classified at risk for radon: measurements are so compulsory in establishments receiving public. For the residential sector, no obligation of measurement are compulsory when french people spend 70% of their time in it. The data concerning homes are fragmentary and deserve to be completed. This campaign of measurements has confirmed the existence of radon in relatively high concentrations in Franche-Comte, including the sedimentary areas, justifying the necessity to realize a precise evaluation of the sanitary impact. The model will allow to study different strategies to reduce radon in houses. (N.C.)

  4. No association between catechol-O-methyltransferase (COMT) genotype and attention deficit hyperactivity disorder (ADHD) in Japanese children.

    Science.gov (United States)

    Yatsuga, Chiho; Toyohisa, Daiki; Fujisawa, Takashi X; Nishitani, Shota; Shinohara, Kazuyuki; Matsuura, Naomi; Ikeda, Shinobu; Muramatsu, Masaaki; Hamada, Akinobu; Tomoda, Akemi

    2014-08-01

    This study ascertained the association between attention deficit/hyperactivity disorder (ADHD) in Japanese children and a polymorphism of catechol-O-methyltransferase (COMT), a dopamine-control gene. The secondary aim of the study was the evaluation of a putative association between methylphenidate (MPH) effect/adverse effects and the COMT genotype. To ascertain the distribution of the Val158Met variant of COMT, 50 children meeting ADHD inclusion criteria were compared with 32 healthy children. Clinical improvement and the occurrence of adverse effects were measured before and 3 months after MPH administration in children with ADHD, and analyzed for genotype association. Wechsler Intelligence Scale for Children-Third Edition (WISC-III), age, MPH dose were included as co-variables. The occurrence of the COMT Val/Val genotype was significantly higher in children with ADHD (χ(2)(1)=7.13, pADHD rating scale scores, after correcting for the interaction between disorder and COMT genotype. Furthermore, no significant difference in MPH effect/adverse effects was observed in association with the COMT genotype in the ADHD group. These results showed a lack of association between the COMT Val/Val genotype and ADHD in Japan. Copyright © 2013 The Japanese Society of Child Neurology. Published by Elsevier B.V. All rights reserved.

  5. Genetic influences on insight problem solving: the role of catechol-O-methyltransferase (COMT) gene polymorphisms.

    Science.gov (United States)

    Jiang, Weili; Shang, Siyuan; Su, Yanjie

    2015-01-01

    People may experience an "aha" moment, when suddenly realizing a solution of a puzzling problem. This experience is called insight problem solving. Several findings suggest that catecholamine-related genes may contribute to insight problem solving, among which the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene is the most promising candidate. The current study examined 753 healthy individuals to determine the associations between 7 candidate single nucleotide polymorphisms on the COMT gene and insight problem-solving performance, while considering gender differences. The results showed that individuals carrying A allele of rs4680 or T allele of rs4633 scored significantly higher on insight problem-solving tasks, and the COMT gene rs5993883 combined with gender interacted with correct solutions of insight problems, specifically showing that this gene only influenced insight problem-solving performance in males. This study presents the first investigation of the genetic impact on insight problem solving and provides evidence that highlights the role that the COMT gene plays in insight problem solving.

  6. COMT Val 158 Met polymorphism is associated with nonverbal cognition following mild traumatic brain injury

    NARCIS (Netherlands)

    E.A. Winkler (Ethan A.); J.K. Yue (John); T.W. McAllister (Thomas W.); N.R. Temkin (Nancy); S.S. Oh (Sam S.); E.G. Burchard (Esteban); D. Hu (Donglei); A.R. Ferguson (Adam); H.F. Lingsma (Hester); J.F. Burke (John F.); M.D. Sorani (Marco); J. Rosand (Jonathan); E.L. Yuh (Esther); J. Barber (Jason); P.E. Tarapore (Phiroz E.); R.C. Gardner (Raquel C.); S. Sharma (Sourabh); G.G. Satris (Gabriela G.); C. Eng (Celeste); A.M. Puccio (Ava); K.K.W. Wang (Kevin K. W.); P. Mukherjee (Pratik); A.B. Valadka (Alex); D. Okonkwo (David); R. Diaz-Arrastia (Ramon); G. Manley (Geoffrey)

    2016-01-01

    textabstractMild traumatic brain injury (mTBI) results in variable clinical outcomes, which may be influenced by genetic variation. A single-nucleotide polymorphism in catechol-o-methyltransferase (COMT), an enzyme which degrades catecholamine neurotransmitters, may influence cognitive deficits

  7. Hybridization of downregulated-COMT transgenic switchgrass lines with field selected switchgrass for improved biomass traits

    Science.gov (United States)

    Transgenic switchgrass (Panicum virgatum L.) has been produced for improved cell walls for biofuels. Downregulated caffeic acid 3-O-methyltransferase (COMT) switchgrass produced significantly more biomass and biofuel than the non-transgenic progenitor line. In the present study we sought to further...

  8. The COMT val158met polymorphism and brain morphometry in healthy young adults

    NARCIS (Netherlands)

    Zinkstok, Janneke; Schmitz, Nicole; van Amelsvoort, Therese; de Win, Maartje; van den Brink, Wim; Baas, Frank; Linszen, Don

    2006-01-01

    Catechol-O-methyltransferase (COMT) is the most important mechanism for dopamine degradation in the prefrontal cortex and contains a functional polymorphism (val(158)met) influencing enzyme activity. The low-activity met allele has been associated with better performance on cognitive tasks relying

  9. COMT Val158Met genotype as a risk factor for problem behaviors in youth

    NARCIS (Netherlands)

    M.D. Albaugh (Matthew); V.S. Harder (Valerie); R.R. Althoff (Robert); D.C. Rettew (David); E.A. Ehli (Erik); T. Lengyel-Nelson (Timea); G.E. Davies (Gareth); L. Ayer (Lynsay); J. Sulman (Julie); C. Stanger (Catherine); J.J. Hudziak (James)

    2010-01-01

    textabstractObjective: To test the association between the catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met polymorphism and both aggressive behavior and attention problems in youth. We hypothesized that youth carrying a Met allele would have greater average aggressive behavior scores, and that youth

  10. COMT Val(108/158)Met polymorphism effects on emotional brain function and negativity bias.

    Science.gov (United States)

    Williams, Leanne M; Gatt, Justine M; Grieve, Stuart M; Dobson-Stone, Carol; Paul, Robert H; Gordon, Evian; Schofield, Peter R

    2010-11-15

    Biases toward processing negative versus positive information vary as a function of level of awareness, and are modulated by monoamines. Excessive biases are associated with individual differences in mood and emotional stability, and emotional disorder. Here, we examined the impact of the catechol-O-methyltransferase (COMT) Val(108/158)Met polymorphism, involved in dopamine and norepinephrine catabolism, on both emotional brain function and self-reported negativity bias. COMT genotyping and self-reported level of negativity bias were completed for 46 healthy participants taking part in the Brain Resource International Database. Functional MRI was undertaken during perception of facial expressions of fear and happiness presented under unmasked (consciously identified) and masked (to prevent conscious detection) conditions. Structural MR images were also acquired. A greater number of COMT Met alleles predicted increased activation in brainstem, amygdala, basal ganglia and medial prefrontal regions for conscious fear, but decreased activation for conscious happiness. This pattern was also apparent for brainstem activation for the masked condition. Effects were most apparent for females. These differences could not be explained by gray matter variations. The Met-related profile of activation, particularly prefrontally, predicted greater negativity bias associated with risk for emotional disorder. The findings suggest that the COMT Met allele modulates neural substrates of negative versus positive emotion processing. This effect may contribute to negativity biases, which confer susceptibility for emotional disorders. Copyright 2010 Elsevier Inc. All rights reserved.

  11. COMT Val158Met polymorphism, cognitive stability and cognitive flexibility: an experimental examination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Elise C

    2010-09-01

    Full Text Available Abstract Background Dopamine in prefrontal cortex (PFC modulates core cognitive processes, notably working memory and executive control. Dopamine regulating genes and polymorphisms affecting PFC - including Catechol-O-Methyltransferase (COMT Val158Met - are crucial to understanding the molecular genetics of cognitive function and dysfunction. A mechanistic account of the COMT Val158Met effect associates the Met allele with increased tonic dopamine transmission underlying maintenance of relevant information, and the Val allele with increased phasic dopamine transmission underlying the flexibility of updating new information. Thus, consistent with some earlier work, we predicted that Val carriers would display poorer performance when the maintenance component was taxed, while Met carriers would be less efficient when rapid updating was required. Methods Using a Stroop task that manipulated level of required cognitive stability and flexibility, we examined reaction time performance of patients with schizophrenia (n = 67 and healthy controls (n = 186 genotyped for the Val/Met variation. Results In both groups we found a Met advantage for tasks requiring cognitive stability, but no COMT effect when a moderate level of cognitive flexibility was required, or when a conflict cost measure was calculated. Conclusions Our results do not support a simple stability/flexibility model of dopamine COMT Val/Met effects and suggest a somewhat different conceptualization and experimental operationalization of these cognitive components.

  12. Genetic Correlates of Maladaptive Beliefs: COMT VAL(158)MET and Irrational Cognitions Linked Depending on Distress.

    Science.gov (United States)

    Podina, Ioana; Popp, Radu; Pop, Ioan; David, Daniel

    2015-11-01

    Maladaptive/irrational beliefs are significant cognitive vulnerability mechanisms in psychopathology. They are more likely to be associated with a genetic vulnerability marker under conditions of emotional distress when irrational beliefs are more salient. Therefore, in the current study we investigated the COMT Val(158)Met gene variation in relation to irrational beliefs, assuming this relationship depended on the level of emotional distress. Two hundred and sixty-seven genotyped volunteers were assessed for core/general maladaptive beliefs, as well as trait emotional distress. We focused on context-independent measures of irrational beliefs and emotional distress in the absence of a stressor. As expected, the relationship between COMT Val(158)Met and irrational beliefs depended on the level of emotional distress (f(2)=.314). The COMT Val(158)Met-irrationality association was significant only when individuals fell in the average to above average range of emotional distress. Furthermore, within this range the Met allele seemed to relate to higher irrational beliefs. These results were significant for overall irrational beliefs and its subtypes, but not for rational beliefs, the functional counterpart of irrationality. In light of the study's limitations, the results should be considered as preliminary. If replicable, these findings have potential implications for therapygenetics, changing the view that COMT Val(158)Met might be of greater relevance when treatment modality does not rely on cognitive variables. Copyright © 2015. Published by Elsevier Ltd.

  13. COMT genetic variation confers risk for psychotic and affective disorders: a case control study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lencz Todd

    2005-10-01

    Full Text Available Abstract Background Variation in the COMT gene has been implicated in a number of psychiatric disorders, including psychotic, affective and anxiety disorders. The majority of these studies have focused on the functional Val108/158Met polymorphism and yielded conflicting results, with limited studies examining the relationship between other polymorphisms, or haplotypes, and psychiatric illness. We hypothesized that COMT variation may confer a general risk for psychiatric disorders and have genotyped four COMT variants (Val158Met, rs737865, rs165599, and a SNP in the P2 promoter [-278A/G; rs2097603] in 394 Caucasian cases and 467 controls. Cases included patients with schizophrenia (n = 196, schizoaffective disorder (n = 62, bipolar disorder (n = 82, major depression (n = 30, and patients diagnosed with either psychotic disorder NOS or depressive disorder NOS (n = 24. Results SNP rs2097603, the Val/Met variant and SNP rs165599 were significantly associated (p = 0.004; p = 0.05; p = 0.035 with a broad "all affected" diagnosis. Haplotype analysis revealed a potentially protective G-A-A-A haplotype haplotype (-278A/G; rs737865; Val108/158Met; rs165599, which was significantly underrepresented in this group (p = 0.0033 and contained the opposite alleles of the risk haplotype previously described by Shifman et al. Analysis of diagnostic subgroups within the "all affecteds group" showed an association of COMT in patients with psychotic disorders as well as in cases with affective illness although the associated variants differed. The protective haplotype remained significantly underrepresented in most of these subgroups. Conclusion Our results support the view that COMT variation provides a weak general predisposition to neuropsychiatric disease including psychotic and affective disorders.

  14. Association study between COMT 158Met and creativity scores in bipolar disorder and healthy controls

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Gerhardt Soeiro-de-Souza

    2014-03-01

    Full Text Available Background Bipolar disorder (BD patients have been reported to be associated higher creativity abilities, and recent data tend to support the hypothesis that dopaminergic system that could be associated with creativity. Catechol-O-methyltransferase (COMT is one of the major enzymes involved in the metabolic degradation of dopamine. The COMT gene polymorphism (rs4680 or Val158Met Met allele is reported to cause decreased activity of this enzyme in prefrontal cortex and improve performance in several cognitive domains. Objective The objective of this study was to evaluate the influence of Val158Met on creativity in BD type I and healthy controls. Methods Ninety-seven healthy volunteers and 120 BD type I were genotyped for COMT rs4680 and tested for creativity (Barrow Welsh Art Scale – BWAS and intelligence Wechsler Abbreviated Scale of Intelligence (WASI. Results COMT Met allele positively influenced creativity scores in healthy controls but not in BD subjects during mood episodes and euthymia. The presence of allele Met did not influence IQ scores. No influence of IQ total score on creativity was observed. Limitations control group presented higher IQ scores and euthymic group was under medication use. Discussion Our research suggests positive effect of COMT rs4680 (allele Met on creativity scores in healthy controls. One possible interpretation is that creativity is more likely to be associated with lesser degrees of bipolarity. The fact that the same results were not observed in BD may be associated to dysfunctions in the dopaminergic system that characterizes this disorder. Further studies with larger samples and other types of BD should explore the role of the dopaminergic system in creativity.

  15. Delayed O-methylation of l-DOPA in MB-COMT-deficient mice after oral administration of l-DOPA and carbidopa.

    Science.gov (United States)

    Tammimäki, Anne; Aonurm-Helm, Anu; Männistö, Pekka T

    2018-04-01

    1. Catechol-O-methyltransferase (COMT) is involved in the O-methylation of l-DOPA, dopamine, and other catechols. The enzyme is expressed in two isoforms: soluble (S-COMT), which resides in the cytoplasm, and membrane-bound (MB-COMT), which is anchored to intracellular membranes. 2. To obtain specific information on the functions of COMT isoforms, we studied how a complete MB-COMT deficiency affects the total COMT activity in the body, peripheral l-DOPA levels, and metabolism after l-DOPA (10 mg kg -1 ) plus carbidopa (30 mg kg -1 ) administration by gastric tube in wild-type (WT) and MB-COMT-deficient mice. l-DOPA and 3-O-methyl-l-DOPA (3-OMD) levels were assayed in plasma, duodenum, and liver. 3. We showed that the selective lack of MB-COMT did not alter the total COMT activity, COMT enzyme kinetics, l-DOPA levels, or the total O-methylation of l-DOPA but delayed production of 3-OMD in plasma and peripheral tissues.

  16. Association between the COMT Val158Met polymorphism and fibromyalgia susceptibility and fibromyalgia impact questionnaire score: a meta-analysis.

    Science.gov (United States)

    Lee, Young Ho; Kim, Jae-Hoon; Song, Gwan Gyu

    2015-01-01

    The aim of this study was to explore whether the catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met polymorphism is associated with susceptibility to fibromyalgia and fibromyalgia impact questionnaire (FIQ) score in fibromyalgia patients. We conducted a meta-analysis of the associations of the COMT Val158Met polymorphism with fibromyalgia risk as well as FIQ score in fibromyalgia patients. A total of 993 fibromyalgia patients and 778 controls from 10 studies on the COMT Val158Met polymorphism and 538 fibromyalgia patients from 5 studies on the COMT Val158Met polymorphism and FIQ score were included in this meta-analysis. The meta-analysis revealed an association between fibromyalgia and the COMT Met/Met + Val/Met genotype in all study subjects (odds ratio (OR) 1.635, 95 % confidence interval (CI) 1.029-2.597, p = 0.037). However, stratification by ethnicity indicated no association between the Met/Met + Val/Met genotype and fibromyalgia in the European and Turkish populations (OR 1.202, 95 % CI 0.876-1.649, p = 0.255; OR 2.132, 95 % CI 0.764-5.949, p = 0.148, respectively). Analysis using other genetic models showed no association between the COMT Val158Met polymorphism and fibromyalgia. The meta-analysis also revealed that the FIQ score was significantly higher in individuals with the COMT Met/Met genotype than in those with the Val/Val genotype [weighted mean difference (WMD) = 14.39, 95 % CI 3.316-25.48, p = 0.011] and the Val/Met genotype (WMD = 5.108, 95 % CI 2.212-4.891, p = 0.021). This meta-analysis identified an association between fibromyalgia risk and the COMT Val158Met polymorphism as well as the FIQ score in fibromyalgia patients.

  17. The effects of gender and COMT Val158Met polymorphism on fearful facial affect recognition: a fMRI study.

    Science.gov (United States)

    Kempton, Matthew J; Haldane, Morgan; Jogia, Jigar; Christodoulou, Tessa; Powell, John; Collier, David; Williams, Steven C R; Frangou, Sophia

    2009-04-01

    The functional catechol-O-methyltransferase (COMT Val108/158Met) polymorphism has been shown to have an impact on tasks of executive function, memory and attention and recently, tasks with an affective component. As oestrogen reduces COMT activity, we focused on the interaction between gender and COMT genotype on brain activations during an affective processing task. We used functional MRI (fMRI) to record brain activations from 74 healthy subjects who engaged in a facial affect recognition task; subjects viewed and identified fearful compared to neutral faces. There was no main effect of the COMT polymorphism, gender or genotypexgender interaction on task performance. We found a significant effect of gender on brain activations in the left amygdala and right temporal pole, where females demonstrated increased activations over males. Within these regions, Val/Val carriers showed greater signal magnitude compared to Met/Met carriers, particularly in females. The COMT Val108/158Met polymorphism impacts on gender-related patterns of activation in limbic and paralimbic regions but the functional significance of any oestrogen-related COMT inhibition appears modest.

  18. Evidence that COMT genotype and proline interact on negative-symptom outcomes in schizophrenia and bipolar disorder.

    Science.gov (United States)

    Clelland, C L; Drouet, V; Rilett, K C; Smeed, J A; Nadrich, R H; Rajparia, A; Read, L L; Clelland, J D

    2016-09-13

    Elevated peripheral proline is associated with psychiatric disorders, and there is evidence that proline is a neuromodulator. The proline dehydrogenase (PRODH) gene, which encodes the enzyme that catalyzes proline catabolism, maps to human chromosome 22q11.2, a region conferring risk of schizophrenia. In the Prodh-null mouse, an interaction between elevated peripheral proline and another 22q11.2 gene, catechol-O-methyltransferase (COMT), on neurotransmission and behavior has been reported. We explored the relationship between fasting plasma proline levels and COMT Val(158)Met genotype on symptoms (positive, negative and total) in schizophrenia patients. In an exploratory study we also examined symptom change in patients with bipolar disorder. There was a significant interaction between peripheral proline and COMT on negative symptoms in schizophrenia (PScale for the Assessment of Negative Symptom (SANS) scores. In contrast, high proline was associated with high SANS scores in patients carrying a Met allele. The relationship between proline and COMT also appears to modify negative symptoms across psychiatric illness. In bipolar disorder, a significant interaction was also observed on negative-symptom change (P=0.007, n=43). Negative symptoms are intractable and largely unaddressed by current medications. These data indicate a significant interaction between peripheral proline and COMT genotype, influencing negative symptoms in schizophrenia and bipolar disorder. That high proline has converse effects on symptoms by COMT genotype, may have implications for therapeutic decisions.

  19. Association analysis of COMT/MTHFR polymorphisms and major depressive disorder in Chinese Han population.

    Science.gov (United States)

    Shen, Xinhua; Wu, Yanfeng; Guan, Tiefeng; Wang, Xiaoquan; Qian, Mincai; Lin, Min; Shen, Zhongxia; Sun, Jushui; Zhong, Hua; Yang, Jianhong; Li, Liang; Yuan, Yonggui

    2014-06-01

    In several previous biochemical and genetic studies, the Val158Met polymorphism of the gene encoding catechol-O-methyltransferase (COMT) and the C677T polymorphism of Methylenetetrahydrofolate reductase (MTHFR) have been suggested to be involved in the pathogenesis as well as the treatment response of major depressive disorder (MDD), but the results have been inconsistent. In this study, we investigate the association of COMT/MTHFR and their interactions with MDD and antidepressant response in Chinese Han population. Three hundred and sixty eight depressed patients who met DSM-IV criteria for MDD were recruited for the study. Two hundred and nineteen normal controls were recruited from the local community. Patients and normal controls were genotyped for the functional COMT val158met and MTHFR C677T polymorphisms. Patients were characterized for clinical response to antidepressant treatment as measured by intra-individual changes of Hamilton Depression (HAMD-17) scores over 6 weeks. The T allele (OR=1.81; CI95%=1.40-2.34, Pdepressed individuals than among controls (OR=1.52, CI95%=1.04-2.21, P=0.02). There is disequilibrium in age and sex between case and control groups. Though we control the two variables in the statistic analysis, to be more accurate, we need to increase sample size in further study. Individuals with the genotype COMT Met/Val and MTHFR C/T have more probability of suffering from MDD. However, there is no association between gene polymorphism and treatment response. Copyright © 2014 Elsevier B.V. All rights reserved.

  20. Modulating effect of COMT Val(158)Met polymorphism on interference resolution during a working memory task.

    Science.gov (United States)

    Jaspar, Mathieu; Dideberg, Vinciane; Bours, Vincent; Maquet, Pierre; Collette, Fabienne

    2015-04-01

    Genetic variability related to the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene has received increasing attention in the last 15years, in particular as a potential modulator of the neural substrates underlying inhibitory processes and updating in working memory (WM). In an event-related functional magnetic resonance imaging (fMRI) study, we administered a modified version of the Sternberg probe recency task (Sternberg, 1966) to 43 young healthy volunteers, varying the level of interference across successive items. The task was divided into two parts (high vs. low interference) to induce either proactive or reactive control processes. The participants were separated into three groups according to their COMT Val(158)Met genotype [Val/Val (VV); Val/Met (VM); Met/Met (MM)]. The general aim of the study was to determine whether COMT polymorphism has a modulating effect on the neural substrates of interference resolution during WM processing. Results indicate that interfering trials were associated with greater involvement of frontal cortices (bilateral medial frontal gyrus, left precentral and superior frontal gyri, right inferior frontal gyrus) in VV homozygous subjects (by comparison to Met allele carriers) only in the proactive condition of the task. In addition, analysis of peristimulus haemodynamic responses (PSTH) revealed that the genotype-related difference observed in the left SFG was specifically driven by a larger increase in activity from the storage to the recognition phase of the interfering trials in VV homozygous subjects. These results confirm the impact of COMT genotype on inhibitory processes during a WM task, with an advantage for Met allele carriers. Interestingly, this impact on frontal areas is present only when the level of interference is high, and especially during the transition from storage to recognition in the left superior frontal gyrus. Copyright © 2015 Elsevier Inc. All rights reserved.

  1. Schooling and variation in the COMT gene: the devil is in the details.

    Science.gov (United States)

    Campbell, Daniel; Bick, Johanna; Yrigollen, Carolyn M; Lee, Maria; Joseph, Antony; Chang, Joseph T; Grigorenko, Elena L

    2013-10-01

    Schooling is considered one of the major contributors to the development of intelligence within societies and individuals. Genetic variation might modulate the impact of schooling and explain, at least partially, the presence of individual differences in classrooms. We studied a sample of 1,502 children (mean age = 11.7 years) from Zambia. Approximately 57% of these children were enrolled in school, and the rest were not. To quantify genetic variation, we investigated a number of common polymorphisms in the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene that controls the production of the protein thought to account for >60% of the dopamine degradation in the prefrontal cortex. Haplotype analyses generated results ranging from the presence to absence of significant interactions between a number of COMT haplotypes and indicators of schooling (i.e., in- vs. out-of-school and grade completed) in the prediction of nonverbal intelligence, depending on the parameter specification. However, an investigation of the distribution of corresponding p-values suggested that these positive results were false. Convincing evidence that the variation in the COMT gene is associated with individual differences in nonverbal intelligence either directly or through interactions with schooling was not found. p-values produced by the method of testing for haplotype effects employed here may be sensitive to parameter settings, invalid under default settings, and should be checked for validity through simulation. © 2013 The Authors. Journal of Child Psychology and Psychiatry © 2013 Association for Child and Adolescent Mental Health.

  2. Different Roles of COMT and HTR2A Genotypes in Working Memory Subprocesses.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hirohito M Kondo

    Full Text Available Working memory is linked to the functions of the frontal areas, in which neural activity is mediated by dopaminergic and serotonergic tones. However, there is no consensus regarding how the dopaminergic and serotonergic systems influence working memory subprocesses. The present study used an imaging genetics approach to examine the interaction between neurochemical functions and working memory performance. We focused on functional polymorphisms of the catechol-O-methyltransferase (COMT Val(158Met and serotonin 2A receptor (HTR2A -1438G/A genes, and devised a delayed recognition task to isolate the encoding, retention, and retrieval processes for visual information. The COMT genotypes affected recognition accuracy, whereas the HTR2A genotypes were associated with recognition response times. Activations specifically related to working memory were found in the right frontal and parietal areas, such as the middle frontal gyrus (MFG, inferior frontal gyrus (IFG, anterior cingulate cortex (ACC, and inferior parietal lobule (IPL. MFG and ACC/IPL activations were sensitive to differences between the COMT genotypes and between the HTR2A genotypes, respectively. Structural equation modeling demonstrated that stronger connectivity in the ACC-MFG and ACC-IFG networks is related to better task performance. The behavioral and fMRI results suggest that the dopaminergic and serotonergic systems play different roles in the working memory subprocesses and modulate closer cooperation between lateral and medial frontal activations.

  3. El comte Arnau, la migració d’un mite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de la Pau Janer Mulet

    2016-06-01

    Full Text Available En aquest article es presenta l’estudi de la figura del comte Arnau, heroi llegendari sorgit a les terres de la Catalunya Vella el drama del qual ha travessat els segles i ha estat difós per mitjà d’una balada i uns textos llegendaris de caràcter oral. El senyor poderós i malvat, sacríleg sense escrúpols i amic del diable, apareix a la seva esposa després de mort, sorgit de l’infern, com una ànima en pena que recorre la terra muntat en un cavall de flames. La balada, en forma de diàleg entre la dama i l’espectre del comte, ens reconta la causa de la seva condemna: «per soldades mal pagades», perquè no pagà els jornals que havia promès als seus treballadors. Per mitjà de la història llegendària del comte Arnau, el poble qüestionava la legitimitat d’un senyor incapaç de complir les seves promeses. En migrar a l’illa de Mallorca, el mite es consolida en un personatge històricament identificat que concentra les malvestats del comte llegendari, desapareix qualsevol al·lusió al tema dels jornals mal pagats, però persisteix en la denúncia d’un comte malvat i dèspota. This article presents the study of the figure of Conde Arnau, the legendary hero from the Old Catalunya lands, whose history has passed through the centuries and has spreaded through a ballad and legendary spoken texts. The powerful and bad master, without scruples and friend of the devil, appears to his wife after death. He comes out of hell, like a spirit in pain, wandering the land on a horse of flames. The ballad was composed in form of a dialogue between the lady and the spirit of the Conde. Through the legendary history of the Conde Arnau, the villagers questioned the legitimity of the Master, who was unable tu fulfelt his promises. In inmigrated to the island of Mallorca, the legend is consolidated in one identified historical character, which was concentrated in this legendary conde badness.

  4. Ordem e Progresso: Augusto Comte e as influências do Positivismo na educação das mulheres na Primeira República brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loraine Lopes de Oliveira

    2018-04-01

    Full Text Available O presente artigo tem como objetivo apresentar uma reflexão acerca da influência do Positivismo na educação das mulheres no contexto da Primeira República brasileira (1889-1930, também chamada de República Velha. Faz-se uma breve abordagem inicial a respeito de Augusto Comte e o surgimento da filosofia positivista e posteriormente se discorre sobre a influência do Positivismo na educação das mulheres, a qual era vista como um elemento chave para a concretização da nova sociedade que se projetava, para o progresso e a modernização. A pesquisa tem caráter bibliográfico e fundamenta-se nos pressupostos teóricos do materialismo histórico-dialético, que busca compreender os fenômenos sociais e históricos a partir da existência material dos homens. A discussão prioriza a relação da educação com os fatores econômicos, políticos e sociais, já que se compreende que o objeto de pesquisa não pode ser entendido como uma situação isolada de seu contexto histórico. Palavras-chave: Positivismo. Primeira República Brasileira. Educação das mulheres.   Order and Progress: Augusto Comte and the influences of Positivism in the education of women in the First Brazilian Republic ABSTRACT The present article aims to present a reflection on the influence of positivism in the education of women in the context of the First Brazilian Republic (1889-1930, also called the Old Republic. A brief initial approach is given to Augusto Comte and the emergence of the positivist philosophy and later it talks about the influence of positivism in the education of women, a qualitative perspective as a key element for a concretization of the new society which was projected, for progress and modernization. The research has a bibliographic character and is based on the theoretical assumptions of historical-dialectical materialism, which seeks social and historical phenomena from the material reality of men. The discussion prioritizes the relationship

  5. Influence of COMT Val158Met polymorphism on emotional decision-making: A sex-dependent relationship?

    Science.gov (United States)

    Costa, Danielle de Souza; Bechara, Antoine; de Paula, Jonas Jardim; Romano-Silva, Marco Aurélio; Correa, Humberto; Lage, Guilherme Menezes; Miranda, Débora Marques de; Malloy-Diniz, Leandro Fernandes

    2016-12-30

    The biological underpinnings of sex-related differences in decision-making are still under-explored. The COMT gene is related to sexual dimorphism and with different choices made under uncertainty, albeit no study has specifically investigated a moderation effect of sex on the association between the COMT gene and the performance on decision-making paradigms. In this study, we investigated the influence of the COMT Val 158 Met polymorphism on Iowa Gambling Task (IGT) performance depending on sex in a healthy adult sample. Participants were 192 healthy adults (84 men and 108 women). The first 40 choices in the IGT were considered decisions under ambiguity and the last 60 choices decisions under risk. To test our moderation hypothesis we used a separate regressions approach. The results revealed a sex-dependent effect of COMT Va l 158 Met polymorphism on decision-making as measured by the IGT. Val/Val women showed the best performance in the last trials of the IGT. Therefore, the COMT Val 158 Met polymorphism may be considered a genetic marker underlying sex differences in decision-making. Copyright © 2016 Elsevier Ireland Ltd. All rights reserved.

  6. The modulatory influence of the functional COMT Val158Met polymorphism on lexical decisions and semantic priming.

    Science.gov (United States)

    Reuter, Martin; Montag, Christian; Peters, Kristina; Kocher, Anne; Kiefer, Markus

    2009-01-01

    The role of the prefrontal Cortex (PFC) in higher cognitive functions - including working memory, conflict resolution, set shifting and semantic processing - has been demonstrated unequivocally. Despite the great heterogeneity among tasks measuring these phenotypes, due in part to the different cognitive sub-processes implied and the specificity of the stimulus material used, there is agreement that all of these tasks recruit an executive control system located in the PFC. On a biochemical level it is known that the dopaminergic system plays an important role in executive control functions. Evidence comes from molecular genetics relating the functional COMT Val158Met polymorphism to working memory and set shifting. In order determine whether this pattern of findings generalises to linguistic and semantic processing, we investigated the effects of the COMT Val158Met polymorphism in lexical decision making using masked and unmasked versions of the semantic priming paradigm on N = 104 healthy subjects. Although we observed strong priming effects in all conditions (masked priming, unmasked priming with short/long stimulus asynchronies (SOAs), direct and indirect priming), COMT was not significantly related to priming, suggesting no reliable influence on semantic processing. However, COMT Val158Met was strongly associated with lexical decision latencies in all priming conditions if considered separately, explaining between 9 and 14.5% of the variance. Therefore, the findings indicate that COMT mainly influences more general executive control functions in the PFC supporting the speed of lexical decisions.

  7. Influence of COMT val158met genotype on the depressed brain during emotional processing and working memory.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esther M Opmeer

    Full Text Available Major depressive disorder (MDD has been associated with abnormal prefrontal-limbic interactions and altered catecholaminergic neurotransmission. The val158met polymorphism on the catechol-O-methyltransferase (COMT gene has been shown to influence prefrontal cortex (PFC activation during both emotional processing and working memory (WM. Although COMT-genotype is not directly associated with MDD, it may affect MDD pathology by altering PFC activation, an endophenotype associated with both COMT and MDD. 125 participants, including healthy controls (HC, n=28 and MDD patients were genotyped for the COMT val158met polymorphism and underwent functional magnetic resonance imaging (fMRI-neuroimaging during emotion processing (viewing of emotional facial expressions and a WM task (visuospatial planning. Within HC, we observed a positive correlation between the number of met-alleles and right inferior frontal gyrus activation during emotional processing, whereas within patients the number of met-alleles was not correlated with PFC activation. During WM a negative correlation between the number of met-alleles and middle frontal gyrus activation was present in the total sample. In addition, during emotional processing there was an effect of genotype in a cluster including the amygdala and hippocampus. These results demonstrate that COMT genotype is associated with relevant endophenotypes for MDD. In addition, presence of MDD only interacts with genotype during emotional processing and not working memory.

  8. The modulatory influence of the functional COMT Val158Met polymorphism on lexical decisions and semantic priming

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martin Reuter

    2009-08-01

    Full Text Available The role of the prefrontal Cortex (PFC in higher cognitive functions - including working memory, conflict resolution, set shifting and semantic processing - has been demonstrated unequivocally. Despite the great heterogeneity among tasks measuring these phenotypes, due in part to the different cognitive sub-processes implied and the specificity of the stimulus material used, there is agreement that all of these tasks recruit an executive control system located in the PFC. On a biochemical level it is known that the dopaminergic system plays an important role in executive control functions. Evidence comes from molecular genetics relating the functional COMT Val158Met polymorphism to working memory and set shifting. In order determine whether this pattern of findings generalises to linguistic and semantic processing, we investigated the effects of the COMT Val158Met polymorphism in lexical decision making using masked and unmasked versions of the semantic priming paradigm on N=104 healthy subjects. Although we observed strong priming effects in all conditions (masked priming, unmasked priming with short/long stimulus asynchronies (SOAs, direct and indirect priming, COMT was not significantly related to masked priming, suggesting no reliable influence on semantic processing. However, COMT Val158Met was strongly associated with lexical decision latencies in all priming conditions if considered separately, explaining between 9 to 14.5 % of the variance. Therefore, the findings indicate that COMT mainly influences more general executive control functions in the PFC supporting the speed of lexical decisions.

  9. Association of COMT (Val158Met) and BDNF (Val66Met) Gene Polymorphisms with Anxiety, ADHD and Tics in Children with Autism Spectrum Disorder

    Science.gov (United States)

    Gadow, Kenneth D.; Roohi, Jasmin; Devincent, Carla J.; Kirsch, Sarah; Hatchwell, Eli

    2009-01-01

    The aim of the study is to examine rs4680 ("COMT") and rs6265 ("BDNF") as genetic markers of anxiety, ADHD, and tics. Parents and teachers completed a DSM-IV-referenced rating scale for a total sample of 67 children with autism spectrum disorder (ASD). Both "COMT" (p = 0.06) and "BDNF" (p = 0.07) genotypes were marginally significant for teacher…

  10. COMT Val158 Met moderates the link between rank and aggression in a non-human primate.

    Science.gov (United States)

    Gutleb, D R; Roos, C; Noll, A; Ostner, J; Schülke, O

    2018-04-01

    The COMT Val 158 Met polymorphism is one of the most widely studied genetic polymorphisms in humans implicated in aggression and the moderation of stressful life event effects. We screened a wild primate population for polymorphisms at the COMT Val 158 Met site and phenotyped them for aggression to test whether the human polymorphism exists and is associated with variation in aggressive behavior. Subjects were all adults from 4 study groups (37 males, 40 females) of Assamese macaques (Macaca assamensis) in their natural habitat (Phu Khieo Wildlife Sanctuary, Thailand). We collected focal animal behavioral data (27 males, 36 females, 5964 focal hours) and fecal samples for non-invasive DNA analysis. We identified the human COMT Val 158 Met polymorphism (14 Met/Met, 41 Val/Met and 22 Val/Val). Preliminary results suggest that COMT genotype and dominance rank interact to influence aggression rates. Aggression rates increased with rank in Val/Val, but decreased in Met/Met and Val/Met individuals, with no significant main effect of COMT genotype on aggression. Further support for the interaction effect comes from time series analyses revealing that when changing from lower to higher rank position Val/Val individuals decreased, whereas Met/Met individuals increased their aggression rate. Contradicting the interpretation of earlier studies, we show that the widely studied Val 158 Met polymorphism in COMT is not unique to humans and yields similar behavioral phenotypes in a non-human primate. This study represents an important step towards understanding individual variation in aggression in a wild primate population and may inform human behavioral geneticists about the evolutionary roots of inter-individual variation in aggression. © 2017 John Wiley & Sons Ltd and International Behavioural and Neural Genetics Society.

  11. Brain white matter structure and COMT gene are linked to second-language learning in adults.

    Science.gov (United States)

    Mamiya, Ping C; Richards, Todd L; Coe, Bradley P; Eichler, Evan E; Kuhl, Patricia K

    2016-06-28

    Adult human brains retain the capacity to undergo tissue reorganization during second-language learning. Brain-imaging studies show a relationship between neuroanatomical properties and learning for adults exposed to a second language. However, the role of genetic factors in this relationship has not been investigated. The goal of the current study was twofold: (i) to characterize the relationship between brain white matter fiber-tract properties and second-language immersion using diffusion tensor imaging, and (ii) to determine whether polymorphisms in the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene affect the relationship. We recruited incoming Chinese students enrolled in the University of Washington and scanned their brains one time. We measured the diffusion properties of the white matter fiber tracts and correlated them with the number of days each student had been in the immersion program at the time of the brain scan. We found that higher numbers of days in the English immersion program correlated with higher fractional anisotropy and lower radial diffusivity in the right superior longitudinal fasciculus. We show that fractional anisotropy declined once the subjects finished the immersion program. The relationship between brain white matter fiber-tract properties and immersion varied in subjects with different COMT genotypes. Subjects with the Methionine (Met)/Valine (Val) and Val/Val genotypes showed higher fractional anisotropy and lower radial diffusivity during immersion, which reversed immediately after immersion ended, whereas those with the Met/Met genotype did not show these relationships. Statistical modeling revealed that subjects' grades in the language immersion program were best predicted by fractional anisotropy and COMT genotype.

  12. Catechol-O-methyltransferase (COMT) genotype affects cognitive control during total sleep deprivation.

    Science.gov (United States)

    Satterfield, Brieann C; Hinson, John M; Whitney, Paul; Schmidt, Michelle A; Wisor, Jonathan P; Van Dongen, Hans P A

    2018-02-01

    Adaptive decision making is profoundly impaired by total sleep deprivation (TSD). This suggests that TSD impacts fronto-striatal pathways involved in cognitive control, where dopamine is a key neuromodulator. In the prefrontal cortex (PFC), dopamine is catabolized by the enzyme catechol-O-methyltransferase (COMT). A functional polymorphism (Val158Met) influences COMT's enzymatic activity, resulting in markedly different levels of prefrontal dopamine. We investigated the effect of this polymorphism on adaptive decision making during TSD. Sixty-six healthy young adults participated in one of two in-laboratory studies. After a baseline day, subjects were randomized to either a TSD group (n = 32) with 38 h or 62 h of extended wakefulness or a well-rested control group (n = 34) with 10 h nighttime sleep opportunities. Subjects performed a go/no-go reversal learning (GNGr) task at well-rested baseline and again during TSD or equivalent control. During the task, subjects were required to learn stimulus-response relationships from accuracy feedback. The stimulus-response relationships were reversed halfway through the task, which required subjects to learn the new stimulus-response relationships from accuracy feedback. Performance on the GNGr task was quantified by discriminability (d') between go and no-go stimuli before and after the stimulus-response reversal. GNGr performance did not differ between COMT genotypes when subjects were well-rested. However, TSD exposed a significant vulnerability to adaptive decision making impairment in subjects with the Val allele. Our results indicate that sleep deprivation degrades cognitive control through a fronto-striatal, dopaminergic mechanism. Copyright © 2017 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  13. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  14. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Tereza Etsuko da Costa

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.

  15. Fatores associados à obesidade em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fonseca Vania de Matos

    1998-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A obesidade na adolescência é um fator preditivo da obesidade no adulto. Assim, foram avaliados os fatores associados à obesidade e o uso do índice de massa morporal (IMC. MÉTODO: Foram avaliados 391 estudantes aferindo-se: consumo de alimentos, hábitos alimentares, características antropométricas dos pais e atividade física. O IMC foi a variável dependente utilizada na regressão linear multivariada. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso foi 23,9% para meninos e 7,2% para meninas. Fazer dieta para emagrecer foi 7 vezes mais freqüente entre meninas do que entre meninos com sobrepeso. Nos meninos, idade, uso de dieta, omissão de desjejum, horas de televisão/"vídeo-game" e obesidade familiar apresentaram associação positiva e significante com IMC. Nas meninas, associaram-se positivamente: uso de dieta, omissão de desjejum e obesidade familiar e negativamente idade da menarca. A correlação do IMC com medidas antropométricas foi maior que 0,7. CONCLUSÕES: Um padrão estético de magreza parece predominar entre meninas e elas o atingem com hábitos e consumo alimentar inadequados.

  16. CONHECIMENTO: UM FATOR DE DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adilson dos Santos Morais

    2017-09-01

    Full Text Available Cada vez mais, criar conhecimento útil para atuar em uma posição de vantagem competitiva, orientado para o desenvolvimento organizacional e valorizando o capital humano tem-se demonstrato uma estratégia eficaz. O presente artigo busca apresentar a importância do conhecimento para o desenvolvimento das organizações em âmbito geral com destaque para as comunidades de prática. Esse conhecimento é derivado das interações desenvolvidas em processos de aprendizagem que ocorrem no ambiente organizacional. Para este, realizou-se um estudo teórico, descritivo, que tem como procedimento a pesquisa bibliográfica. Deste modo, apresenta como resultado deste trabalho a evidência de que existem poucos resultados divulgados sobre retorno financeiro e os benefícios dos investimentos realizados no capital intelectual humano pelas organizações. Porém, o conhecimento agrega valor à organização aumentando o valor do capital intelectual e as literaturas sobre o conhecimento e desenvolvimento organizacional consideram o capital intelectual o fator chave para a melhoria nos sistemas estratégicos. Destaca-se que esta contribuição poderá instigar cada vez mais a criação de conhecimento como fator de reconhecimento humano e de desenvolvimento das organizações.

  17. The association between well-being and the COMT gene: Dispositional gratitude and forgiveness as mediators.

    Science.gov (United States)

    Liu, Jinting; Gong, Pingyuan; Gao, Xiaoxue; Zhou, Xiaolin

    2017-05-01

    Previous studies have demonstrated the contributions of genetic variants and positive psychological traits (e.g. gratitude and forgiveness) to well-being. However, little is known about how genes interact with positive traits to affect well-being. To investigate to what extent the COMT Val158Met polymorphism modulates well-being and to what extent dispositional gratitude and forgiveness mediate the individual differences in well-being, 445 participants were recruited and required to complete a battery of questionnaires. We found that individuals with a smaller number of the Met alleles reported greater well-being, less depressive symptoms, and greater tendencies for gratitude and forgiveness. Moreover, dispositional gratitude and forgiveness mediated the genotype effects on well-being and depressive symptoms. These results remained significant after controlling for non-genetic factors (socioeconomic status, religious beliefs, romantic relationship status, parenting style). The sample size limits the generalizability of results. This study demonstrates the contribution of the COMT Val158Met polymorphism to individual differences in well-being and suggests a potential psychobiological pathway from dopaminergic and noradrenergic systems to happiness. Copyright © 2017 Elsevier B.V. All rights reserved.

  18. Auguste Comte and Consensus Formation in American Religious Thought—Part 1: The Creation of Consensus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kenneth S. Sacks

    2017-08-01

    Full Text Available French intellectual Auguste Comte was the most influential sociologist and philosopher of science in the Nineteenth Century. This first of two articles summarizes his complex life’s works and details reactions to them by Transcendentalists and Unitarians, from its American introduction in 1837 until just after the Civil War. Using public speeches and published essays, the article analyzes the ways in which intellectuals supported and criticized Comte’s theories. Because he wrote in such abstract and difficult French, criticisms centered not on the nuances of his work, but more superficially on his alleged atheism. These attacks occur because of a variety of consequences of the Civil War that had little to do directly with Comte’s philosophy. Instead, Comte was a convenient vehicle for expressing anxiety over a modernism that included an accelerated threat against religion posed by technology and science and the emerging dominance of that secular knowledge in universities. The second article will analyze Comte’s influence on later Transcendentalists and other post-Unitarian thinkers.

  19. Molecular cloning, characterization and expression of the caffeic acid O-methyltransferase (COMT) ortholog from kenaf (Hibiscus cannabinus)

    Science.gov (United States)

    We cloned the full-length of the gene putatively encoding caffeic acid O-methyltransferase (COMT) from kenaf (Hibiscus cannabinus L.) using degenerate primers and the RACE (rapid amplification of cDNA ends) method. Kenaf is an herbaceous and rapidly growing dicotyledonous plant with great potential ...

  20. COMT Val158Met Polymorphism, Executive Dysfunction, and Sexual Risk Behavior in the Context of HIV Infection and Methamphetamine Dependence

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. A. Bousman

    2010-01-01

    Full Text Available Catechol-O-methyltransferease (COMT metabolizes prefrontal cortex dopamine (DA, a neurotransmitter involved in executive behavior; the Val158Met genotype has been linked to executive dysfunction, which might increase sexual risk behaviors favoring HIV transmission. Main and interaction effects of COMT genotype and executive functioning on sexual risk behavior were examined. 192 sexually active nonmonogamous men completed a sexual behavior questionnaire, executive functioning tests, and were genotyped using blood-derived DNA. Main effects for executive dysfunction but not COMT on number of sexual partners were observed. A COMT x executive dysfunction interaction was found for number of sexual partners and insertive anal sex, significant for carriers of the Met/Met and to a lesser extent Val/Met genotypes but not Val/Val carriers. In the context of HIV and methamphetamine dependence, dopaminergic overactivity in prefrontal cortex conferred by the Met/Met genotype appears to result in a liability for executive dysfunction and potentially associated risky sexual behavior.

  1. COMT Val[superscript 108/158] Met Gene Variant, Birth Weight, and Conduct Disorder in Children with ADHD

    Science.gov (United States)

    Sengupta, Sarojini M.; Grizenko, Natalie; Schmitz, Norbert; Schwartz, George; Amor, Leila Ben; Bellingham, Johanne; de Guzman, Rosherrie; Polotskaia, Anna; Stepanian, Marina Ter; Thakur, Geeta; Joober, Ridha

    2006-01-01

    Objective: In a recent study, Thapar and colleagues reported that COMT "gene variant and birth weight predict early-onset antisocial behavior in children" with attention-deficit/hyperactivity disorder. We have attempted to replicate these findings in a group of ADHD children using a similar research design. Method: Children (n = 191)…

  2. Genetic contributions to age-related decline in executive function: a 10-year longitudinal study of COMT and BDNF polymorphisms

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kirk I Erickson

    2008-09-01

    Full Text Available Genetic variability in the dopaminergic and neurotrophic systems could contribute to age-related impairments in executive control and memory function. In this study we examined whether genetic polymorphisms for catechol-O-methyltransferase (COMT and brain-derived neurotrophic factor (BDNF were related to the trajectory of cognitive decline occurring over a 10-year period in older adults. A single-nucleotide polymorphism (SNP in the COMT (Val158/108Met gene affects the concentration of dopamine in the prefrontal cortex. In addition, a Val/Met substitution in the pro-domain for BDNF (Val66Met affects the regulated secretion and trafficking of BDNF with Met carriers showing reduced secretion and poorer cognitive function. We found that impairments over the 10-year span on a task-switching paradigm did not vary as a function of the COMT polymorphism. However, for the BDNF polymorphism the Met carriers performed worse than Val homozygotes at the first testing session but only the Val homozygotes demonstrated a significant reduction in performance over the 10-year span. Our results argue that the COMT polymorphism does not affect the trajectory of age-related executive control decline, whereas the Val/Val polymorphism for BDNF may promote faster rates of cognitive decay in old age. These results are discussed in relation to the role of BDNF in senescence and the transforming impact of the Met allele on cognitive function in old age.

  3. Polymorphisms of serotonin receptor 2A and 2C genes and COMT in relation to obesity and type 2 diabetes

    DEFF Research Database (Denmark)

    Kring, Sofia I I; Werge, Thomas; Holst, Claus

    2009-01-01

    BACKGROUND: Candidate genes of psychological importance include 5HT2A, 5HT2C, and COMT, implicated in the serotonin, noradrenaline and dopamine pathways, which also may be involved in regulation of energy balance. We investigated the associations of single nucleotide polymorphisms (SNPs) of these......BACKGROUND: Candidate genes of psychological importance include 5HT2A, 5HT2C, and COMT, implicated in the serotonin, noradrenaline and dopamine pathways, which also may be involved in regulation of energy balance. We investigated the associations of single nucleotide polymorphisms (SNPs......) of these genes with obesity and metabolic traits. METHODOLOGY/PRINCIPAL FINDINGS: In a population of 166 200 young men examined at the draft boards, obese men (n = 726, BMI> or =31.0 kg/m(2)) and a randomly selected group (n = 831) were re-examined at two surveys at mean ages 46 and 49 years (S-46, S-49......). Anthropometric, physiological and biochemical measures were available. Logistic regression analyses were used to assess age-adjusted odds ratios. No significant associations were observed of 5HT2A rs6311, 5HT2C rs3813929 and COMT rs4680 with obesity, except that COMT rs4680 GG-genotype was associated with fat...

  4. Common Variants in LRP2 and COMT Genes Affect the Susceptibility of Gout in a Chinese Population.

    Science.gov (United States)

    Dong, Zheng; Zhao, Dongbao; Yang, Chengde; Zhou, Jingru; Qian, Qiaoxia; Ma, Yanyun; He, Hongjun; Ji, Hengdong; Yang, Yajun; Wang, Xiaofeng; Xu, Xia; Pang, Yafei; Zou, Hejian; Jin, Li; Wang, Jiucun

    2015-01-01

    Gout is a common inflammation disease resulting from an increase in serum uric acid. Nearly 70% of uric acid is excreted via the kidneys. To date, evidence for an association between genetic loci and gout is absent, equivocal or not replicated. Our study aims to test variants in two genes abundantly expressed in the kidney, LRP2 and COMT, for their association with uric acid and gout. In total, 1318 Chinese individuals were genotyped for rs2544390 in LRP2 and rs4680 in COMT. These LRP2 and COMT gene polymorphisms showed no significant effect on uric acid (P = 0.204 and 0.188, separately); however, rs2544390 in LRP2 did influence uric acid levels in individuals with BMI ≥ 25 (P = 0.009). In addition, the allele frequency distributions of the two loci showed a significant difference between gout patients and healthy controls. A missense variation in rs4680 (G > A) decreased the risk of gout (OR = 0.77, P = 0.015), whereas the T allele of rs2544390 was associated with gout pathogenesis risk (OR = 1.26, P = 0.020). The present study provides the first evidence for an association between COMT and gout. Rs2544390 in LRP2 only influenced uric acid levels in individuals with BMI ≥ 25, which might explain the discrepant results among previous studies. In addition, we are the first to identify the association between LRP2 and gout in a Chinese population and to confirm this association in Asians.

  5. Modification of Depression by COMT val[superscript 158]Met Polymorphism in Children Exposed to Early Severe Psychosocial Deprivation

    Science.gov (United States)

    Drury, Stacy S.; Theall, Katherine P.; Smyke, Anna T.; Keats, Bronya J. B.; Egger, Helen L.; Nelson, Charles A.; Fox, Nathan A.; Marshall, Peter J.; Zeanah, Charles H.

    2010-01-01

    Objective: To examine the impact of the catechol-O-methyltransferase (COMT) val[superscript 158]met allele on depressive symptoms in young children exposed to early severe social deprivation as a result of being raised in institutions. Methods: One hundred thirty six children from the Bucharest Early Intervention Project (BEIP) were randomized…

  6. Polimorfismo en el gen COMT en una muestra de gestantes normales y con restricción del crecimiento intrauterino en un hospital de Lima

    OpenAIRE

    José Pacheco-Romero; Doris Huerta; Oscar Acosta; Santiago Cabrera

    2013-01-01

    Antecedentes: Los procesos fisiopatológicos que ocurren a nivel celular y molecular en la restricción de crecimiento intrauterino (RCIU) son aún desconocidos. La catecol-O-metiltransferasa (COMT) es una enzima de fase II que inactiva los catecol estrógenos al transferir un grupo metílico. Se conoce un polimorfismo funcional Val158 Met en el gen COMT como un marcador susceptible para diversas enfermedades maternoperinatales, existiendo estudios que sugieren que el alelo que codifica una COMT d...

  7. The COMT Val158Met Polymorphism Is Associated With Response to Add-on Dextromethorphan Treatment in Bipolar Disorder.

    Science.gov (United States)

    Lee, Sheng-Yu; Chen, Shiou-Lan; Wang, Tzu-Yun; Chang, Yun-Hsuan; Chen, Po See; Huang, San-Yuan; Tzeng, Nian-Sheng; Wang, Liang-Jen; Lee, I Hui; Chen, Kao Ching; Yang, Yen Kuang; Lu, Ru-Band

    2017-02-01

    We previously conducted a randomized, double-blind, controlled, 12-week study evaluating the effect of add-on dextromethorphan (DM), a noncompetitive N-methyl-D-aspartate receptor antagonist, on patients with bipolar disorder (BD) treated using valproate (VPA), which showed negative clinical differences. The genetic variation between each individual may be responsible for interindividual differences. The catechol-O-methyltransferase (COMT) gene has been a candidate gene for BD. In the current study, we investigated whether the COMT Val158Met polymorphism predicts treatment response to VPA + add-on DM and to VPA + placebo. Patients with BD (n = 309) undergoing regular VPA treatments were randomly assigned to groups given either add-on DM (30 mg/d) (n = 102), DM (60 mg/d) (n = 101), or placebo (n = 106) for 12 weeks. The Hamilton Depression Rating Scale and Young Mania Rating Scale were used to evaluate clinical response during weeks 0, 1, 2, 4, 8, and 12. The genotypes of the COMT Val158Met polymorphism were determined using polymerase chain reaction plus restriction fragment length polymorphism analysis. To adjust for within-subject dependence over repeated assessments, multiple linear regression with generalized estimating equation methods was used. When stratified by the COMT Val158Met genotypes, significantly greater decreases in Hamilton Depression Rating Scale scores were found in the VPA + DM (30 mg/d) group in patients with the Val/Met genotype (P = 0.008). We conclude that the COMT Val158Met polymorphism may influence responses to DM (30 mg/d) by decreasing depressive symptoms in BD patients.

  8. The relation of serotonin-related gene and COMT gene polymorphisms with criminal behavior in schizophrenic disorder.

    Science.gov (United States)

    Koh, Kyung Bong; Choi, Eun Hee; Lee, Young-joon; Han, Mooyoung; Choi, Sang-Sup; Kim, So Won; Lee, Min Goo

    2012-02-01

    It has been suggested that patients with schizophrenia might be involved in criminal behavior, such as homicidal and violent behavior. However, the relationship between criminal behavior and genes in patients with schizophrenia has not been clearly elucidated. The objective of this study was to examine the relation between criminal behavior and serotonin-related gene or catechol-O-methyltransferase (COMT) gene polymorphisms in patients with schizophrenia. Serotonin-related and COMT polymorphic markers were assessed by using single nucleotide polymorphism (SNP) genotyping. Ninety-nine crime-related inpatients with schizophrenia (57 homicidal and 42 nonhomicidal violent) and 133 healthy subjects were enrolled between October 2005 and May 2008. Diagnoses were made according to the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders, Fourth Edition (DSM-IV) criteria. The genotype frequencies of tryptophan hydroxylase-1 (TPH1) A218C and COMT V158M were compared between groups. The TPH1 CC genotype had 2.7-fold higher odds of crime-related schizophrenia compared with A-carrier genotype after the analysis was controlled for sex and age (OR, 2.69; 95% CI, 1.22 - 5.91; P = .01). In addition, the TPH1 CC genotype had 3.4-fold higher odds of homicidal schizophrenia compared with A-carrier genotype after the analysis was controlled for sex and age (OR, 3.38; 95% CI, 1.40 - 8.18; P = .007). However, no significant differences were found in the frequencies of genotype of COMT polymorphism between criminal schizophrenics and healthy subjects, nor were any significant differences found between nonhomicidal schizophrenics and healthy subjects. These results indicate that the TPH1 CC recessive genotype is likely to be a genetic risk factor for criminal behavior, especially homicidal behavior in patients with schizophrenia. However, COMT gene polymorphisms were not associated with criminal behavior in schizophrenic patients. © Copyright 2012 Physicians Postgraduate Press, Inc.

  9. Association between COMT Polymorphism Val158Met and Opioid Consumption in Patients with Postoperative Pain: A Meta-Analysis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bo Hu

    2018-01-01

    Full Text Available Background/Aims: Several factors influencing postoperative pain and the effect of opioid analgesics have been investigated on an individual level. The aim of this study was to clarify the impact of catecholamine-O-methyltransferase (COMT gene Val158Met on opioid consumption in postoperative patients. Methods: A systematic review and meta-analysis of the literature up to September 30, 2017, were performed by using PubMed, Cochrane Library, ISI Web of Science, and Chinese National Knowledge Infrastructure (CNKI database. The meta-analysis examined all studies involving the association between genetic polymorphisms of COMT Val158Met and opioid consumption during the acute postoperative period. Results: Of the 153 identified studies, 23 studies were retrieved for systematic review and 10 studies were retrieved for meta-analysis. However, it was impossible to conduct meta-analysis on the association between COMT Val158Met polymorphism and postoperative pain because of heterogeneity of the data. Overall, meta-analysis showed that COMT Val/Met carriers consumed less opioid for analgesia within the first 24 hours after surgery (SMD = 0.14, 95% CI = [0.03, 0.25], P = 0.01 but not within 48 hours (SMD = 0.14, 95% CI = [0.08, 0.36], P = 0.21. There was no significant difference in opioid consumption between Val/ Val and Met/Met patients. Conclusion: Patients with Val/Met but not Met/Met allele variant consumed less opioid, though larger and better-designed studies are required to obtain an exclusive conclusion about the correlation between postoperative pain and COMT Val158Met polymorphism.

  10. COMT Val(158) met genotype and striatal D(2/3) receptor binding in adults with 22q11 deletion syndrome.

    LENUS (Irish Health Repository)

    Boot, Erik

    2011-09-01

    Although catechol-O-methyltransferase (COMT) activity evidently affects dopamine function in prefrontal cortex, the contribution is assumed less significant in striatum. We studied whether a functional polymorphism in the COMT gene (Val(158) Met) influences striatal D(2\\/3) R binding ratios (D(2\\/3) R BP(ND) ) in 15 adults with 22q11 deletion syndrome and hemizygous for this gene, using single photon emission computed tomography and the selective D(2\\/3) radioligand [(123) I]IBZM. Met hemizygotes had significantly lower mean D(2\\/3) R BPND than Val hemizygotes. These preliminary data suggest that low COMT activity may affect dopamine levels in striatum in humans and this may have implications for understanding the contribution of COMT activity to psychiatric disorders.

  11. Both COMT Val158Met single nucleotide polymorphism and sex-dependent differences influence response inhibition

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valentina eMione

    2015-05-01

    Full Text Available Reactive and proactive control of actions are cognitive abilities that allow to deal with a continuously changing environment by adjusting already programmed actions. They also set forthcoming acts by evaluating the outcome of the previous ones. Earlier studies highlighted sex related differences in the strategies and in the pattern of brain activation during cognitive tasks involving reactive and proactive control. To further identify sex-dependent characteristics in the cognitive control of actions, in this study we have assessed whether/how differences in reactive and proactive control were modulated by the COMT Val158Met single nucleotide polymorphism, a genetic factor known to influence the functionality of the dopaminergic system, in particular at the level of prefrontal cortex. Two groups of male and female participants were further sorted according to their genotype (Val/Met, Val/Val and Met/Met and tested in a stop signal task, a consolidated tool to measure reactive and proactive control in experimental and clinical settings. In each group of participants we estimated both a measure of the capacity to react to unexpected events and the ability of monitoring their performance. The between groups comparison of these measures indicated a poorer ability of male individuals carrying the Val/Val genotype in error-monitoring, suggesting that differences between sexes could be influenced by the efficiency of COMT and that other sex-specific factors have to be considered. The comprehension of inter-groups behavioral and physiological correlates of cognitive control will provide more accurate diagnostic tools for predicting the incidence and the development of pathologies like ADHD or deviant behaviors as drug or alcohol abuse.

  12. COMT Val158Met polymorphism moderates the association between PTSD symptom severity and hippocampal volume.

    Science.gov (United States)

    Hayes, Jasmeet P; Logue, Mark W; Reagan, Andrew; Salat, David; Wolf, Erika J; Sadeh, Naomi; Spielberg, Jeffrey M; Sperbeck, Emily; Hayes, Scott M; McGlinchey, Regina E; Milberg, William P; Verfaellie, Mieke; Stone, Annjanette; Schichman, Steven A; Miller, Mark W

    2017-03-01

    Memory-based alterations are among the hallmark symptoms of posttraumatic stress disorder (PTSD) and may be associated with the integrity of the hippocampus. However, neuroimaging studies of hippocampal volume in individuals with PTSD have yielded inconsistent results, raising the possibility that various moderators, such as genetic factors, may influence this association. We examined whether the catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met polymorphism, which has previously been shown to be associated with hippocampal volume in healthy individuals, moderates the association between PTSD and hippocampal volume. Recent war veterans underwent structural MRI on a 3 T scanner. We extracted volumes of the right and left hippocampus using FreeSurfer and adjusted them for individual differences in intracranial volume. We assessed PTSD severity using the Clinician-Administered PTSD Scale. Hierarchical linear regression was used to model the genotype (Val158Met polymorphism) × PTSD severity interaction and its association with hippocampal volume. We included 146 white, non-Hispanic recent war veterans (90% male, 53% with diagnosed PTSD) in our analyses. A significant genotype × PTSD symptom severity interaction emerged such that individuals with greater current PTSD symptom severity who were homozygous for the Val allele showed significant reductions in left hippocampal volume. The direction of proposed effects is unknown, thus precluding definitive assessment of whether differences in hippocampal volume reflect a consequence of PTSD, a pre-existing characteristic, or both. Our findings suggest that the COMT polymorphism moderates the association between PTSD and hippocampal volume. These results highlight the role that the dopaminergic system has in brain structure and suggest a possible mechanism for memory disturbance in individuals with PTSD.

  13. Executive control in schizophrenia: a preliminary study on the moderating role of COMT Val158Met for comorbid alcohol and substance use disorders.

    Science.gov (United States)

    Carrà, Giuseppe; Nicolini, Gabriella; Crocamo, Cristina; Lax, Annamaria; Amidani, Francesca; Bartoli, Francesco; Castellano, Filippo; Chiorazzi, Alessia; Gamba, Giulia; Papagno, Costanza; Clerici, Massimo

    2017-07-01

    A functional polymorphism in the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene (Val158Met) appears to influence cognition in people with alcohol/substance use disorders (AUD/SUD) and in those with psychosis. To explore the potential moderating effect of these factors, a cross-sectional study was conducted, randomly recruiting subjects with DSM-IV diagnosis of schizophrenia. AUD/SUD was rigorously assessed, as well as COMT Val158Met polymorphism. Executive control functioning was measured using the Intra-Extra Dimensional Set Shift (IED). The effect of a possible interaction between comorbid AUD/SUD and COMT Val158Met polymorphism on IED scores was explored. Subjects with schizophrenia, comorbid AUD/SUD, and MetMet carriers for SNP rs4680 of the COMT gene showed worse performance on IED completed stages scores, as compared with individuals with ValVal genotype. However, among subjects without AUD/SUD, those with the MetMet variant performed better than people carrying ValVal genotype. This study is the first to date examining the impact of COMT on cognition in a highly representative sample of people with schizophrenia and comorbid AUD/SUD. Differential moderating effects of COMT Val/Met genotype variations may similarly influence executive functions in people with schizophrenia and comorbid AUD/SUD.

  14. Common Variants in LRP2 and COMT Genes Affect the Susceptibility of Gout in a Chinese Population.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zheng Dong

    Full Text Available Gout is a common inflammation disease resulting from an increase in serum uric acid. Nearly 70% of uric acid is excreted via the kidneys. To date, evidence for an association between genetic loci and gout is absent, equivocal or not replicated. Our study aims to test variants in two genes abundantly expressed in the kidney, LRP2 and COMT, for their association with uric acid and gout. In total, 1318 Chinese individuals were genotyped for rs2544390 in LRP2 and rs4680 in COMT. These LRP2 and COMT gene polymorphisms showed no significant effect on uric acid (P = 0.204 and 0.188, separately; however, rs2544390 in LRP2 did influence uric acid levels in individuals with BMI ≥ 25 (P = 0.009. In addition, the allele frequency distributions of the two loci showed a significant difference between gout patients and healthy controls. A missense variation in rs4680 (G > A decreased the risk of gout (OR = 0.77, P = 0.015, whereas the T allele of rs2544390 was associated with gout pathogenesis risk (OR = 1.26, P = 0.020. The present study provides the first evidence for an association between COMT and gout. Rs2544390 in LRP2 only influenced uric acid levels in individuals with BMI ≥ 25, which might explain the discrepant results among previous studies. In addition, we are the first to identify the association between LRP2 and gout in a Chinese population and to confirm this association in Asians.

  15. COMT Val158Met genotype is associated with reward learning: A replication study and meta-analysis

    Science.gov (United States)

    Corral-Frías, Nadia S.; Pizzagalli, Diego A.; Carré, Justin; Michalski, Lindsay J; Nikolova, Yuliya S.; Perlis, Roy H.; Fagerness, Jesen; Lee, Mary R.; Conley, Emily Drabant; Lancaster, Thomas M.; Haddad, Stephen; Wolf, Aaron; Smoller, Jordan W.; Hariri, Ahmad R.; Bogdan, Ryan

    2016-01-01

    Identifying mechanisms through which individual differences in reward learning emerge offers an opportunity to understand both a fundamental form of adaptive responding as well as etiological pathways through which aberrant reward learning may contribute to maladaptive behaviors and psychopathology. One candidate mechanism through which individual differences in reward learning may emerge is variability in dopaminergic reinforcement signaling. A common functional polymorphism within the catechol-O-methyl transferase gene (COMT; rs4680, Val158Met) has been linked to reward learning where homozygosity for the Met allele (associated with heightened prefrontal dopamine function and decreased dopamine synthesis in the midbrain) has been associated with relatively increased reward learning. Here, we used a probabilistic reward learning task to asses response bias, a behavioral form of reward learning, across 3 separate samples that were combined for analyses (age: 21.80 ± 3.95; n=392; 268 female; European-American, n=208). We replicate prior reports that COMT rs4680 Met allele homozygosity is associated with increased reward learning in European-American participants (β=0.20, t= 2.75, p< 0.01; ΔR2= 0.04). Moreover, a meta-analysis of 4 studies, including the current one, confirmed the association between COMT rs4680 genotype and reward learning (95% CI −0.11 to −0.03; z=3.2; p<0.01). These results suggest that variability in dopamine signaling associated with COMT rs4680 influences individual differences in reward which may potentially contribute to psychopathology characterized by reward dysfunction. PMID:27138112

  16. Perception of emotion in facial stimuli: The interaction of ADRA2A and COMT genotypes, and sex.

    Science.gov (United States)

    Tamm, Gerly; Kreegipuu, Kairi; Harro, Jaanus

    2016-01-04

    Emotional facial stimuli are important social signals that are essential to be perceived and recognized in order to make appropriate decisions and responses in everyday communication. The ability to voluntarily guide attention to perceive and recognize emotions, and react to them varies largely across individuals, and has a strong genetic component (Friedman et al., 2008). Two key genetic variants of the catecholamine system that have been related to emotion perception and attention are the catechol-O-methyl transferase genetic variant (COMT Val158Met) and the α2A-receptor gene promoter polymorphism (ADRA2A C-1291G) accordingly. So far, the interaction of the two with sex in emotion perception has not been studied. Multilevel modeling method was applied to study how COMT Val158Met, ADRA2A C-1291G and sex are associated with measures of emotion perception in a large sample of young adults. Participants (n=506) completed emotion recognition and behavioral emotion detection tasks. It was found that COMT Val158Met genotype in combination with the ADRA2A C-1291G and sex predicts emotion detection, and perception of valence and arousal. In simple visual detection, the ADRA2A C-1291G G-allele leads to slower detection of a highly arousing face (scheming), which is modulated by each additional COMT Val158Met Met-allele and male sex predicting faster responses. The combination of G-allele, Met-allele and male sex also predicts higher perceived negativity in sad faces. No effects of C-1291G, Val158Met, and sex were found on verbal emotion recognition. Applying the findings to study the interplay between catecholamine-O-methyl transferase activity and α2A-receptors in emotion perception disorders (such as ADHD, autism and schizophrenia) in men and women would be the next step towards understanding individual differences in emotion perception. Copyright © 2015 Elsevier Inc. All rights reserved.

  17. La posteridad sociológica de Auguste Comte: Lo normal y lo patológico en Durkheim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MICHEL BOURDEAU

    2008-01-01

    Full Text Available Este artículo completa un texto que, bajo el título «Ciencia, religión y sociedad en Auguste Comte», fue publicado en el año 2003 en las páginas de esta revista. Después de un breve repaso de los conceptos sociológicos fundamentales del Cours de philosophie positive, se muestra como el pensamiento de Durkheim se constituyó a través de una discusión crítica con el positivismo. Concretamente, se examinan dos momentos fundamentales de dicha confrontación. En primer lugar, se analiza como la distinción que Durkheim establece en La división du travail social (1893 entre solidaridad mecánica y solidaridad orgánica tenía como objetivo fundamental demostrar que Comte se había equivocado al extraer ciertas consecuencias sobre el progreso de la división del trabajo. En segundo lugar, se muestra como en Les Règles de la méthode sociologique (1895, Durkheim atribuye a Comte la distinción entre lo normal y lo patológico y reinterpreta dicha distinción a partir del concepto de «media» de Quételet. En este contexto, concluimos señalando que Durkheim debe a Comte la idea de que la sociología permite construir una ciencia de la moral.

  18. [Effects of anxiety and the COMT gene on cortical evoked potentials and performance effectiveness of selective attention].

    Science.gov (United States)

    Alfimova, M V; Golimbet, V E; Lebedeva, I S; Korovaĭtseva, G I; Lezheĭko, T V

    2014-01-01

    We studied influence of the anxiety-related trait Harm Avoidance and the COMT gene, which is an important modulator of prefrontal functioning, on event-related potentials in oddball paradigm and performance effectiveness of selective attention. For 50 individuals accuracy and time of searching words among letters at any desired rate and then under an instruction to perform the task as quickly and accurate as possible were measured. Scores on the Harm Avoidance scale from Cloninger's Temperament and Character Inventory, N100 and P300 parameters, and COMTVa1158Met genotypes were obtained for them as well. Searching accuracy and time were mainly related to N100 amplitude. The COMT genotype and Harm Avoidance did not affect N100 amplitude; however, the N100 amplitude modulated their effects on accuracy and time dynamics. Harm Avoidance was positively correlated with P300 latency. The results suggest that anxiety and the COMT gene effects on performance effectiveness of selective attention depend on cognitive processes reflected in N100 parameters.

  19. Catechol-O-methyltransferase (COMT Genotype Affects Age-Related Changes in Plasticity in Working Memory: A Pilot Study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stephan Heinzel

    2014-01-01

    Full Text Available Objectives. Recent work suggests that a genetic variation associated with increased dopamine metabolism in the prefrontal cortex (catechol-O-methyltransferase Val158Met; COMT amplifies age-related changes in working memory performance. Research on younger adults indicates that the influence of dopamine-related genetic polymorphisms on working memory performance increases when testing the cognitive limits through training. To date, this has not been studied in older adults. Method. Here we investigate the effect of COMT genotype on plasticity in working memory in a sample of 14 younger (aged 24–30 years and 25 older (aged 60–75 years healthy adults. Participants underwent adaptive training in the n-back working memory task over 12 sessions under increasing difficulty conditions. Results. Both younger and older adults exhibited sizeable behavioral plasticity through training (P<.001, which was larger in younger as compared to older adults (P<.001. Age-related differences were qualified by an interaction with COMT genotype (P<.001, and this interaction was due to decreased behavioral plasticity in older adults carrying the Val/Val genotype, while there was no effect of genotype in younger adults. Discussion. Our findings indicate that age-related changes in plasticity in working memory are critically affected by genetic variation in prefrontal dopamine metabolism.

  20. Catechol-O-methyltransferase (COMT) genotype biases neural correlates of empathy and perceived personal distress in schizophrenia.

    Science.gov (United States)

    Poletti, Sara; Radaelli, Daniele; Cavallaro, Roberto; Bosia, Marta; Lorenzi, Cristina; Pirovano, Adele; Smeraldi, Enrico; Benedetti, Francesco

    2013-02-01

    The catechol-O-methyltransferase (COMT) Val(108/158)Met polymorphism (rs4680) influences enzyme activity with valine (Val) allele associated with higher enzymatic activity. Several studies suggest that factors influencing dopaminergic transmission could control response to stressful situations. Empathy is an essential element of human behavior, requires the ability to adopt another person's perspective, and has been found to be dysfunctional in schizophrenia. Twenty-eight schizophrenic patients underwent functional magnetic resonance imaging performing an empathy task. Perceived empathy has been evaluated with the Interpersonal Reactivity Index. An effect of COMT on perceived distress subscale has been shown, with methionine (Met)/Met subjects reporting lower rates of stress compared with Val/Val. Moreover, imaging results showed an effect of genotype on empathy processing in the anterior cingulate with Val/Val subjects showing the lowest activation. This is the first study of the effect of rs4680 on interpersonal distress and neural correlates of empathy in schizophrenia. We found a decrease in neural responses in areas that ensure a cognitive control of emotion that is paralleled by perceived distress in interpersonal situation; this functional pattern seems to be influenced by rs4680 COMT polymorphism. Copyright © 2013 Elsevier Inc. All rights reserved.

  1. COMT (Val158Met and BDNF (Val66Met Genes Polymorphism in Schizophrenia: A Case-Control Report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ramin saravani

    2017-10-01

    Full Text Available Objective: The effects of human brain-derived neurotropic factor (BDNF Val66Met (G>A and the human Catechol-O-methylTransferase (COMT Val158Met (G>A polymorphisms on Schizophrenia (SCZ risk were evaluated.Methods: This case control study included 92 SCZ patients and 92 healthy controls (HCs. Genotyping of both variants were conducted using Amplification Refractory Mutation System-Polymerase Chain Reaction (ARMS-PCR.Results: The findings showed that BDNF Val66Met (G>A variant increased the risk of SCZ (OR=2.008 95%CI=1.008-4.00, P=0.047, GA vs. GG, OR=3.876 95%CI=1.001-14.925, P=0.049. AA vs. GG, OR=2.272. 95%CI=1.204-4.347, P=0.011, GA+AA vs. GG, OR=2.22 95%CI=1.29-3.82. P=0.005, A vs. G. COMT Val158Met (G>A polymorphism was not associated with the risk/protective of SCZ.Conclusion: The results proposed that BDNF Val66Met (G>A polymorphism may increase the risk of SCZ development and did not support an association between COMT Val158Met (G>A variant and risk/protective of SCZ. Further studies and different ethnicities are recommended to confirm the findings.

  2. Co-fatores do HPV na oncogênese cervical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    PINTO ÁLVARO P.

    2002-01-01

    Full Text Available O papilomavírus humano (HPV exerce um papel central na carcinogênese do colo uterino. Em torno a ele orbitam outros fatores que influenciam direta ou indiretamente a instalação deste mecanismo no epitélio escamoso cervical. Investigações a respeito dos mecanismos de atuação e interação desses co-fatores com os elementos virais encontram-se na literatura dos últimos 20 anos. O presente artigo de revisão explora os possíveis co-fatores do HPV na gênese do carcinoma escamoso do colo uterino, levando em conta apenas os fatores cuja associação com o vírus ou câncer cervical tenha sido documentada experimentalmente, e não apenas clínica ou epidemiologicamente. Dentre os parâmetros abordados estão os fatores imunológicos (resposta imune local e humoral, a associação com a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida Humana, fatores genéticos como o polimorfismo da proteína p53, o tabagismo e o uso de contraceptivos orais. Todos estes fatores interagem em menor ou maior intensidade com oncoproteínas e outros elementos do HPV, potencializando a ação do vírus na célula hospedeira e facilitando o desenvolvimento dos processos de imortalização e carcinogênese.

  3. Why some people discount more than others: Baseline activation in the dorsal PFC mediates the link between COMT genotype and impatient choice

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena R. R. Gianotti

    2012-05-01

    Full Text Available Individuals differ widely in how steeply they discount future rewards. The sources of these stable individual differences in delay discounting (DD are largely unknown. One candidate is the COMT Val158Met polymorphism, known to modulate prefrontal dopamine levels and affect DD. To identify possible neural mechanisms by which this polymorphism may contribute to stable individual DD differences, we measured 73 participants’ neural baseline activation using resting electroencephalogram (EEG. Such neural baseline activation measures are highly heritable and stable over time, thus an ideal endophenotype candidate to explain how genes may influence behavior via individual differences in neural function. After EEG-recording, participants made a series of incentive-compatible intertemporal choices to determine the steepness of their DD. We found that COMT significantly affected DD and that this effect was mediated by baseline activation level in the left dorsal prefrontal cortex (DPFC: (i COMT had a significant effect on DD such that the number of Val alleles was positively correlated with steeper DD (higher numbers of Val alleles means greater COMT activity and thus lower dopamine levels. (ii A whole-brain search identified a cluster in left DPFC where baseline activation was correlated with DD; lower activation was associated with steeper DD. (iii COMT had a significant effect on the baseline activation level in this left DPFC cluster such that a higher number of Val alleles was associated with lower baseline activation. (iv The effect of COMT on DD was explained by the mediating effect of neural baseline activation in the left DPFC cluster. Our study thus establishes baseline activation level in left DPFC as salient neural signature in the form of an endophenotype that mediates the link between COMT and DD.

  4. Polimorfismo en el gen COMT en una muestra de gestantes normales y con restricción del crecimiento intrauterino en un hospital de Lima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Pacheco-Romero

    2013-04-01

    Full Text Available Antecedentes: Los procesos fisiopatológicos que ocurren a nivel celular y molecular en la restricción de crecimiento intrauterino (RCIU son aún desconocidos. La catecol-O-metiltransferasa (COMT es una enzima de fase II que inactiva los catecol estrógenos al transferir un grupo metílico. Se conoce un polimorfismo funcional Val158 Met en el gen COMT como un marcador susceptible para diversas enfermedades maternoperinatales, existiendo estudios que sugieren que el alelo que codifica una COMT de baja actividad puede ser un marcador susceptible para RCIU. Por lo tanto, el estudio del polimorfismo COMT ofrece una nueva estrategia para la evaluación de marcadores genéticos que pueden ser utilizados para la detección de ciertas alteraciones asociadas al embarazo. Objetivos: Establecer la asociación entre el polimorfismo Val158Met catecol-O-metiltransferasa (COMT y la restricción de crecimiento intrauterino. Institución: Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú. Diseño: Estudio tipo relacional (asociativo, con diseño observacional, tipo caso-control (no experimental. Materiales: Muestra de sangre materna de parturientas. Métodos: Durante el año 2011, se obtuvo 81 muestras para genotipaje del gen COMT. De ellas, 26 (32,1% correspondieron a parturientas con RCIU (casos y 55 (67,9% a muestras de madres de hijos sin RCIU (controles. La distribución de los genotipos fue evaluada usando la prueba de chi cuadrado. Se comprobó la distribución proporcional de los genotipos en los grupos con RCIU y sin RCIU con la hipótesis nula de Hardy-Weinberg. Las madres participantes firmaron un consentimiento informado. Principales medidas de resultados: Asociación entre los genotipos COMT y la RCIU, y entre los alelos COMT Val/Met y la RCIU. Resultados: Las distribuciones de los genotipos en los grupos con RCIU y sin RCIU estuvieron de acuerdo a la hipótesis nula de Hardy-Weinberg. Al relacionar los genotipos COMT Val

  5. Leptospirosis in Franche-Comté (FRANCE): clinical, biological, and therapeutic data.

    Science.gov (United States)

    Estavoyer, J M; Chirouze, C; Faucher, J F; Floret, N; Couetdic, G; Leroy, J; Hoen, B

    2013-09-01

    We report the patient data in 77 cases of leptospirosis confirmed by PCR and/or serology (micro-agglutination), observed between 1994 and 2008 at the Besançon teaching hospital. Our aim was to compare the epidemiological, clinical, biological, and therapeutic characteristics of leptospirosis in the Franche-Comté region, to those reported in other regions. The median age was 42years and 95% were male patients. Leptospirosis acquisition was likely related to aquatic leisure activities (50.6%), professional exposure (28.6%), building maintenance works (11.7%), or unknown (9.1%). Forty-eight cases were uncomplicated and 29 were severe presentations of leptospirosis. Among severe cases, eight patients had to be managed in an intensive care unit, and one patient died. L. grippotyphosa and L. icterohaemorrhagiae were the main serogroups involved. Age above 50years and serogroup L. icterohaemorrhagiae were positively associated with clinical severity. The outcome was favorable for 15 patients treated with ceftriaxone for less than 7days. We recommended conducting clinical trials aiming at validating short courses of ceftriaxone to treat leptospirosis. Copyright © 2013. Published by Elsevier SAS.

  6. Analysis of CYP1A1 and COMT polymorphisms in women with cervical cancer.

    Science.gov (United States)

    Kleine, J P; Camargo-Kosugi, C M; Carvalho, C V; Silva, F C; Silva, I D C G

    2015-12-29

    The aim of this case-control study was to obtain a comprehensive panel of genetic polymorphisms present only in genes (cytochrome P-450 1A1--CYP1A1 and catechol-O-methyl transferase--COMT) within the metabolic pathway of sex steroids and determine their possible associations with the presence or absence of cervical cancer. Genotypes of 222 women were analyzed: a) 81 with cancer of the cervix treated at the Cancer Hospital Alfredo Abram, between June 2012 and May 2013, with diagnosis confirmed surgically and/or through histomorphological examination; and b) 141 healthy women who assisted at the Endocrine Gynecology and Climacteric Ambulatory, Department of Gynecology, UNIFESP-EPM. These polymorphisms were detected by polymerase chain reaction amplification-restriction fragment length polymorphism analysis and visualized on 3% agarose gels stained with ethidium bromide. We found a significant association between the frequency of the CYP1A1 polymorphism and the development of cervical cancer. A statistical difference was observed between patient and control groups for CYP1A1 polymorphism genotype distributions (P 0.05) or between other risk variables analyzed. The CYP1A1 gene involved in the metabolic pathway of sex steroids might influence the emergence of pathological conditions such as cervical cancer in women who carry a mutated allele, and result in 1.80 and 13.46 times increased risk for women with heterozygous or homozygous mutated genotypes, respectively.

  7. Facial emotion recognition in schizophrenia: An exploratory study on the role of comorbid alcohol and substance use disorders and COMT Val158Met.

    Science.gov (United States)

    Carrà, Giuseppe; Nicolini, Gabriella; Lax, Annamaria; Bartoli, Francesco; Castellano, Filippo; Chiorazzi, Alessia; Gamba, Giulia; Bava, Mattia; Crocamo, Cristina; Papagno, Costanza

    2017-11-01

    To explore whether facial emotion recognition (FER), impaired in both schizophrenia and alcohol and substance use disorders (AUDs/SUDs), is additionally compromised among comorbid subjects, also considering the role of catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met. We conducted a cross-sectional study, randomly recruiting 67 subjects with a DSM-IV-TR diagnosis of schizophrenia, and rigorously assessing AUDs/SUDs and COMT Val158Met polymorphism. FER was assessed using the Ekman 60 Faces Test- EK-60F. As a whole, the sample scored significantly lower than normative data on EK-60F. However, subjects with comorbid AUDs/SUDs did not perform worse on EK-60F than those without, who had a better performance on EK-60F if they carried the COMT Val/Met variant. This study is the first to date examining the impact of AUDs/SUDs and COMT variants on FER in an epidemiologically representative sample of subjects with schizophrenia. Our findings do not suggest an additional impairment from comorbid AUDs/SUDs on FER among subjects with schizophrenia, whilst COMT Val158Met, though based on a limited sample, might have a role just among those without AUDs/SUDs. Based on our results, additional research is needed also exploring differential roles of various substances. Copyright © 2017 John Wiley & Sons, Ltd.

  8. The role of COMT and plasma proline in the variable penetrance of autistic spectrum symptoms in 22q11.2 deletion syndrome.

    Science.gov (United States)

    Hidding, E; Swaab, H; de Sonneville, L M J; van Engeland, H; Vorstman, J A S

    2016-11-01

    This paper examines how COMT 158 genotypes and plasma proline levels are associated with variable penetrance of social behavioural and social cognitive problems in 22q11.2 deletion syndrome (22q11DS). Severity of autistic spectrum symptoms of 45 participants with 22q11DS was assessed using the Autism Diagnostic Interview Revised. Face and facial emotion recognition was evaluated using standardized computer-based test-paradigms. Associations with COMT 158 genotypes and proline levels were examined. High proline levels and poor face recognition in individuals with the COMT MET allele, and poor facial emotion recognition, explained almost 50% of the variance in severity of autism symptomatology in individuals with 22q11DS. High proline levels and a decreased capacity to break down dopamine as a result of the COMT MET variant are both relevant in the expression of the social phenotype in patients. This epistatic interaction effect between the COMT 158 genotype and proline on the expression of social deficits in 22q11DS shows how factors other than the direct effects of the deletion itself can modulate the penetrance of associated cognitive and behavioural outcomes. These findings are not only relevant to our insight into 22q11DS, but also provide a model to better understand the phenomenon of variable penetrance in other pathogenic genetic variants. © 2016 John Wiley & Sons A/S. Published by John Wiley & Sons Ltd.

  9. Age-Dependent Effects of Catechol-O-Methyltransferase (COMT) Gene Val158Met Polymorphism on Language Function in Developing Children.

    Science.gov (United States)

    Sugiura, Lisa; Toyota, Tomoko; Matsuba-Kurita, Hiroko; Iwayama, Yoshimi; Mazuka, Reiko; Yoshikawa, Takeo; Hagiwara, Hiroko

    2017-01-01

    The genetic basis controlling language development remains elusive. Previous studies of the catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met genotype and cognition have focused on prefrontally guided executive functions involving dopamine. However, COMT may further influence posterior cortical regions implicated in language perception. We investigated whether COMT influences language ability and cortical language processing involving the posterior language regions in 246 children aged 6-10 years. We assessed language ability using a language test and cortical responses recorded during language processing using a word repetition task and functional near-infrared spectroscopy. The COMT genotype had significant effects on language performance and processing. Importantly, Met carriers outperformed Val homozygotes in language ability during the early elementary school years (6-8 years), whereas Val homozygotes exhibited significant language development during the later elementary school years. Both genotype groups exhibited equal language performance at approximately 10 years of age. Val homozygotes exhibited significantly less cortical activation compared with Met carriers during word processing, particularly at older ages. These findings regarding dopamine transmission efficacy may be explained by a hypothetical inverted U-shaped curve. Our findings indicate that the effects of the COMT genotype on language ability and cortical language processing may change in a narrow age window of 6-10 years. © The Author 2016. Published by Oxford University Press.

  10. Fatores associados à intoxicação infantil Factores asociados a la intoxicación de los niños Factors associated with poisoning in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Érika Okuda Tavares

    2013-03-01

    Full Text Available Objetivou-se analisar os fatores associados à intoxicação em crianças, a partir de casos registrados no Centro de Controle de Intoxicações do Hospital Universitário Regional de Maringá. Estudo exploratório descritivo, com busca retrospectiva em registros de intoxicação em crianças atendidas em 2008. Os resultados evidenciaram como fatores associados à intoxicação infantil o sexo masculino e a faixa etária entre zero e quatro anos; como fator predisponente, a residência, em que presença do adulto no momento do acidente não impediu a ocorrência da intoxicação; e entre os fatores desencadeantes o acesso facilitado a medicamentos e a via de exposição oral. Considerando a intoxicação infantil um agravo evitável, o foco está na prevenção, com orientações sobre acondicionamento de agentes tóxicos, vigilância das famílias com conscientização dos riscos do ambiente doméstico, bem como apoio estatal, com implantação de embalagem de proteção à criança, com tampa inviolável e disponibilização de doses fracionadas para extinguir as "farmácias caseiras".El estudio tiene como objetivo analizar los factores relacionados con la intoxicación en los niños, a partir de casos registrados en el Centro de Control de Envenenamiento del Hospital Universitario de Maringá. Estudio exploratorio-descriptivo, con búsqueda retrospectiva de los registros de envenenamiento en niños asistidos en 2008. Los resultados mostraron los factores asociados con el envenenamiento de los niños, el género masculino y la franja etaria entre cero y cuatro años Como un factor predisponente: la residencia, cuya presencia del adulto en el momento del accidente no impidió su ocurrencia. Entre los factores desencadenantes, la facilitación del acceso a los medicamentos y la exposición oral. Teniendo en cuenta la intoxicación de los niños como un accidente prevenible, la atención se centra en la prevención, con las directrices sobre el

  11. COMT ValMet moderation of cannabis-induced psychosis: a momentary assessment study of 'switching on' hallucinations in the flow of daily life.

    Science.gov (United States)

    Henquet, C; Rosa, A; Delespaul, P; Papiol, S; Fananás, L; van Os, J; Myin-Germeys, I

    2009-02-01

    A functional polymorphism in the catechol-o-methyltransferase gene (COMT Val(158)Met) may moderate the psychosis-inducing effects of cannabis. In order to extend this finding to dynamic effects in the flow of daily life, a momentary assessment study of psychotic symptoms in response to cannabis use was conducted. The experience sampling technique was used to collect data on cannabis use and occurrence of symptoms in daily life in patients with a psychotic disorder (n = 31) and healthy controls (n = 25). Carriers of the COMT Val(158)Met Val allele, but not subjects with the Met/Met genotype, showed an increase in hallucinations after cannabis exposure, conditional on prior evidence of psychometric psychosis liability. The findings confirm that in people with psychometric evidence of psychosis liability, COMT Val(158)Met genotype moderates the association between cannabis and psychotic phenomena in the flow of daily life.

  12. The Role of the Catechol-o-methyltransferase (COMT) Gene Val158Met in Aggressive Behavior, A Review of Genetic Studies

    Science.gov (United States)

    Qayyum, Arqam; Zai, Clement C.; Hirata, Yuko; Tiwari, Arun K.; Cheema, Sheraz; Nowrouzi, Behdin; Beitchman, Joseph H.; Kennedy, James L.

    2015-01-01

    Aggressive behaviors have become a major public health problem, and early-onset aggression can lead to outcomes such as substance abuse, antisocial personality disorder among other issues. In recent years, there has been an increase in research in the molecular and genetic underpinnings of aggressive behavior, and one of the candidate genes codes for the catechol-O-methyltransferase (COMT). COMT is involved in catabolizing catecholamines such as dopamine. These neurotransmitters appear to be involved in regulating mood which can contribute to aggression. The most common gene variant studied in the COMT gene is the Valine (Val) to Methionine (Met) substitution at codon 158. We will be reviewing the current literature on this gene variant in aggressive behavior. PMID:26630958

  13. Association of COMT (Val158Met) and BDNF (Val66Met) gene polymorphisms with anxiety, ADHD and tics in children with autism spectrum disorder.

    Science.gov (United States)

    Gadow, Kenneth D; Roohi, Jasmin; DeVincent, Carla J; Kirsch, Sarah; Hatchwell, Eli

    2009-11-01

    The aim of the study is to examine rs4680 (COMT) and rs6265 (BDNF) as genetic markers of anxiety, ADHD, and tics. Parents and teachers completed a DSM-IV-referenced rating scale for a total sample of 67 children with autism spectrum disorder (ASD). Both COMT (p = 0.06) and BDNF (p = 0.07) genotypes were marginally significant for teacher ratings of social phobia (etap (2) = 0.06). Analyses also indicated associations of BDNF genotype with parent-rated ADHD (p = 0.01, etap (2) = 0.10) and teacher-rated tics (p = 0.04; etap (2) = 0.07). There was also evidence of a possible interaction (p = 0.02, etap (2) = 0.09) of BDNF genotype with DAT1 3' VNTR with tic severity. BDNF and COMT may be biomarkers for phenotypic variation in ASD, but these preliminary findings remain tentative pending replication with larger, independent samples.

  14. Allelic variation of the COMT gene in a despotic primate society: A haplotype is related to cortisol excretion in Macaca fuscata.

    Science.gov (United States)

    Pflüger, Lena S; Gutleb, Daria R; Hofer, Martin; Fieder, Martin; Wallner, Bernard; Steinborn, Ralf

    2016-02-01

    Sequence variations in genes of the monoamine neurotransmitter system and their common function in human and non-human primate species are an ongoing issue of investigation. However, the COMT gene, coding for the catechol-O-methyltransferase, has not yet attracted much scientific attention regarding its functional role in non-human primates. Considering that a polymorphism of the human COMT gene affects the enzyme activity and cortisol level in response to a social stressor, this study investigated the impact of COMT on endocrine stress and behavioural parameters in Japanese macaques (Macaca fuscata). The species exemplifies a despotic hierarchy in which males' social rank positions require an adaptation of behaviour strategies. During the mating period steroid secretion and the frequency of aggressive encounters between males increase. We addressed i) whether this species exhibits potential functional COMT variants, ii) whether these variants are associated with faecal cortisol excretion of males, iii) how they are distributed among different social rank positions and iv) whether they are associated with behavioural strategies during times of mate competition. By genotyping 26 males we identified three COMT haplotypes (HT), including a putative splice mutant (HT3). This variant was associated with increased cortisol excretion. Given the observed inverse correlation between cortisol and physical aggression, we assume that different COMT haplotypes may predispose individuals to pursue more or less aggressive strategies. How these gene-stress effects might favour a specific social role is discussed. Our study of non-invasive genotyping in combination with behavioural and endocrine parameters represents an important step towards the understanding of gene-stress effects in a hierarchically organised primate society. Copyright © 2015 Elsevier Inc. All rights reserved.

  15. COMT Val158Met polymorphism is associated with post-traumatic stress disorder and functional outcome following mild traumatic brain injury.

    Science.gov (United States)

    Winkler, Ethan A; Yue, John K; Ferguson, Adam R; Temkin, Nancy R; Stein, Murray B; Barber, Jason; Yuh, Esther L; Sharma, Sourabh; Satris, Gabriela G; McAllister, Thomas W; Rosand, Jonathan; Sorani, Marco D; Lingsma, Hester F; Tarapore, Phiroz E; Burchard, Esteban G; Hu, Donglei; Eng, Celeste; Wang, Kevin K W; Mukherjee, Pratik; Okonkwo, David O; Diaz-Arrastia, Ramon; Manley, Geoffrey T

    2017-01-01

    Mild traumatic brain injury (mTBI) results in variable clinical trajectories and outcomes. The source of variability remains unclear, but may involve genetic variations, such as single nucleotide polymorphisms (SNPs). A SNP in catechol-o-methyltransferase (COMT) is suggested to influence development of post-traumatic stress disorder (PTSD), but its role in TBI remains unclear. Here, we utilize the Transforming Research and Clinical Knowledge in Traumatic Brain Injury Pilot (TRACK-TBI Pilot) study to investigate whether the COMT Val 158 Met polymorphism is associated with PTSD and global functional outcome as measured by the PTSD Checklist - Civilian Version and Glasgow Outcome Scale Extended (GOSE), respectively. Results in 93 predominately Caucasian subjects with mTBI show that the COMT Met 158 allele is associated with lower incidence of PTSD (univariate odds ratio (OR) of 0.25, 95% CI [0.09-0.69]) and higher GOSE scores (univariate OR 2.87, 95% CI [1.20-6.86]) 6-months following injury. The COMT Val 158 Met genotype and PTSD association persists after controlling for race (multivariable OR of 0.29, 95% CI [0.10-0.83]) and pre-existing psychiatric disorders/substance abuse (multivariable OR of 0.32, 95% CI [0.11-0.97]). PTSD emerged as a strong predictor of poorer outcome on GOSE (multivariable OR 0.09, 95% CI [0.03-0.26]), which persists after controlling for age, GCS, and race. When accounting for PTSD in multivariable analysis, the association of COMT genotype and GOSE did not remain significant (multivariable OR 1.73, 95% CI [0.69-4.35]). Whether COMT genotype indirectly influences global functional outcome through PTSD remains to be determined and larger studies in more diverse populations are needed to confirm these findings. Copyright © 2016 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  16. Time-resolved influences of functional DAT1 and COMT variants on visual perception and post-processing.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stephan Bender

    Full Text Available BACKGROUND: Dopamine plays an important role in orienting and the regulation of selective attention to relevant stimulus characteristics. Thus, we examined the influences of functional variants related to dopamine inactivation in the dopamine transporter (DAT1 and catechol-O-methyltransferase genes (COMT on the time-course of visual processing in a contingent negative variation (CNV task. METHODS: 64-channel EEG recordings were obtained from 195 healthy adolescents of a community-based sample during a continuous performance task (A-X version. Early and late CNV as well as preceding visual evoked potential components were assessed. RESULTS: Significant additive main effects of DAT1 and COMT on the occipito-temporal early CNV were observed. In addition, there was a trend towards an interaction between the two polymorphisms. Source analysis showed early CNV generators in the ventral visual stream and in frontal regions. There was a strong negative correlation between occipito-temporal visual post-processing and the frontal early CNV component. The early CNV time interval 500-1000 ms after the visual cue was specifically affected while the preceding visual perception stages were not influenced. CONCLUSIONS: Late visual potentials allow the genomic imaging of dopamine inactivation effects on visual post-processing. The same specific time-interval has been found to be affected by DAT1 and COMT during motor post-processing but not motor preparation. We propose the hypothesis that similar dopaminergic mechanisms modulate working memory encoding in both the visual and motor and perhaps other systems.

  17. ZNF804a regulates expression of the schizophrenia-associated genes PRSS16, COMT, PDE4B, and DRD2.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matthew J Girgenti

    Full Text Available ZNF804a was identified by a genome-wide association study (GWAS in which a single nucleotide polymorphism (SNP rs1344706 in ZNF804a reached genome-wide statistical significance for association with a combined diagnosis of schizophrenia (SZ and bipolar disorder. Although the molecular function of ZNF804a is unknown, the amino acid sequence is predicted to contain a C2H2-type zinc-finger domain and suggests ZNF804a plays a role in DNA binding and transcription. Here, we confirm that ZNF804a directly contributes to transcriptional control by regulating the expression of several SZ associated genes and directly interacts with chromatin proximal to the promoter regions of PRSS16 and COMT, the two genes we find upregulated by ZNF804a. Using immunochemistry we establish that ZNF804a is localized to the nucleus of rat neural progenitor cells in culture and in vivo. We demonstrate that expression of ZNF804a results in a significant increase in transcript levels of PRSS16 and COMT, relative to GFP transfected controls, and a statistically significant decrease in transcript levels of PDE4B and DRD2. Furthermore, we show using chromatin immunoprecipitation assays (ChIP that both epitope-tagged and endogenous ZNF804a directly interacts with the promoter regions of PRSS16 and COMT, suggesting a direct upregulation of transcription by ZNF804a on the expression of these genes. These results are the first to confirm that ZNF804a regulates transcription levels of four SZ associated genes, and binds to chromatin proximal to promoters of two SZ genes. These results suggest a model where ZNF804a may modulate a transcriptional network of SZ associated genes.

  18. Modification of depression by COMT val158met polymorphism in children exposed to early severe psychosocial deprivation

    Science.gov (United States)

    Drury, Stacy S; Theall, Katherine P; Smyke, Anna T; Keats, Bronya JB; Egger, Helen L; Nelson, Charles A; Fox, Nathan A; Marshall, Peter J; Zeanah, Charles H

    2014-01-01

    Objective To examine the impact of the Catechol-O-Methyltransferase (COMT) val158met allele on depressive symptoms in young children exposed to early severe social deprivation as a result of being raised in institutions. Methods 136 children from the Bucharest Early Intervention Project (BEIP) were randomized before 31 months of age to either care as usual (CAU) in institutions or placement in newly created foster care (FCG). At 54 months of age, a psychiatric assessment using the Preschool Age Psychiatric Assessment (PAPA) was completed. DNA was collected and genotyped for the COMT val158met polymorphism. Multivariate analysis examined the relationship between COMT alleles and depressive symptoms. Results Mean level of depressive symptoms was lower among participants with the met allele compared to those with two copies of the val allele (p <0.05). Controlling for group and gender, the rate of depressive symptoms was significantly lower among participants with the met/met or the met/val genotype (adjusted relative risk (aRR) = 0.67, 95% CI = 0.45, 0.99) compared to participants with the val/val genotype, indicating an intermediate impact for heterozygotes consistent with the biological impact of this polymorphism. The impact of genotype within groups differed significantly. There was a significant protective effect of the met allele on depressive symptoms within the CAU group, however there was no relationship seen within the FCG group. Conclusions This is the first study, to our knowledge, to find evidence of a gene × environment interaction in the setting of early social deprivation. These results support the hypothesis that individual genetic differences may explain some of the variability in recovery amongst children exposed to early severe social deprivation. PMID:20403637

  19. The COMT Val158 allele is associated with impaired delayed-match-to-sample performance in ADHD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matthews Natasha

    2012-05-01

    Full Text Available Abstract Background This study explored the association between three measures of working memory ability and genetic variation in a range of catecholamine genes in a sample of children with ADHD. Methods One hundred and eighteen children with ADHD performed three working memory measures taken from the CANTAB battery (Spatial Span, Delayed-match-to-sample, and Spatial Working Memory. Associations between performance on working memory measures and allelic variation in catecholamine genes (including those for the noradrenaline transporter [NET1], the dopamine D4 and D2 receptor genes [DRD4; DRD2], the gene encoding dopamine beta hydroxylase [DBH] and catechol-O-methyl transferase [COMT] were investigated using regression models that controlled for age, IQ, gender and medication status on the day of test. Results Significant associations were found between performance on the delayed-match-to-sample task and COMT genotype. More specifically, val/val homozygotes produced significantly more errors than did children who carried a least one met allele. There were no further associations between allelic variants and performance across the other working memory tasks. Conclusions The working memory measures employed in the present study differed in the degree to which accurate task performance depended upon either the dynamic updating and/or manipulation of items in working memory, as in the spatial span and spatial working memory tasks, or upon the stable maintenance of representations, as in the delay-match–to-sample task. The results are interpreted as evidence of a relationship between tonic dopamine levels associated with the met COMT allele and the maintenance of stable working memory representations required to perform the delayed-match-to-sample-task.

  20. Fatores motivacionais de jovens atletas de vôlei

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia Tavares da Silva Campos

    2011-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar o quanto os fatores motivacionais determinam a permanência de jovens atletas no voleibol de alto nível e compará-los quanto ao gênero e categoria. A coleta de dados foi realizada por meio da aplicação do questionário de Escala de Motivos para a Prática Esportiva (EMPE a 96 jovens atletas de vôlei de quadra (46 meninas e 50 meninos. Os fatores que mais motivaram os atletas para a prática do vôlei foram: aperfeiçoamento técnico, saúde e afiliação. Na comparação quanto ao gênero, com exceção dos fatores saúde e status, as atletas apresentaram maiores índices de motivação do que os atletas. Comparando os fatores motivacionais segundo a categoria, todos os itens analisados, exceto afiliação, motivam da mesma forma os atletas.

  1. Fatores que interferem na qualidade do sono de pacientes internados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shíntia Viana da Costa

    2013-02-01

    Full Text Available Este estudo objetivou identificar fatores que interferem na qualidade do sono de pacientes internados em hospital universitário do interior de São Paulo. Trata-se de estudo exploratório, de corte transversal, com amostragem não probabilística. Participaram 117 pacientes (59% homens, idade média de 48 anos, desvio padrão 16,9 internados há pelo menos 72 horas, em condições clínicas estáveis. Os instrumentos utilizados foram: questionário de identificação e Fatores Intervenientes na Qualidade do Sono (FIQS. O tratamento dos dados foi feito com estatística descritiva e cada item do FIQS foi submetido a teste e reteste. Os fatores apontados com maior frequência foram: acordar cedo (55,6%, sono interrompido (52,1%, iluminação excessiva (34,2%, recebimento de cuidados pela equipe de enfermagem (33,3% e distúrbios orgânicos como dor e fadiga (26,5%. Sugere-se que os enfermeiros planejem intervenções buscando modificar fatores que propiciam ruídos e iluminação intensos à noite, visando reduzir interrupções e, consequentemente, a privação de sono.

  2. Adipose tissue PCB levels and CYP1B1 and COMT genotypes in relation to breast cancer risk in postmenopausal Danish women

    DEFF Research Database (Denmark)

    Bräuner, Elvira V; Loft, Steffen; Wellejus, Anja

    2014-01-01

    these enzymes control efficiency. Our objective was to assess whether CYP1B1 and COMT gene polymorphisms modulate the effect of PCBs in breast cancer risk, among postmenopausal Danish women. Neither CYP1B1 Leu432Val polymorphisms nor adipose tissue PCBs were independently associated with breast cancer risk....... When assessing the independent effect of the COMT Val158Met polymorphism, we observed reduced risk for breast cancer amongst hormone replacement therapy using women who were homozygous carriers of the variant allele compared with those carrying the wild-type variant (RR = 0.41; 95% CI: 0.29-0.89). We...

  3. Polimorfismo del gen de la catecol-O-metiltransferasa (COMT) en gestantes con restricción del crecimiento intrauterino (RCIU)

    OpenAIRE

    Pacheco, José; Huerta, Doris; Acosta, Oscar; Cabrera, Santiago

    2013-01-01

    Objetivos: Establecer la asociación entre el polimorfismo Vall58Met catecol-O-metiltransferasa (COMT) y la RCIU. Diseño: Estudio relacional, observacional, tipo caso-control. Institución: Facultad de Medicina, UNMSM. Participantes: Gestantes sin y con RCIU. Intervenciones: Se obtuvo 81 muestras de sangre para genotipaje del gen COMT; 55 (67,9%) correspondieron a gestantes sin RCIU (controles) y 26 (32,1%) a madres de hijos con RCIU. Las gestantes firmaron consentimiento informado. Principales...

  4. Catechol-O-Methyltransferase (COMT) Gene (Val158Met) and Brain-Derived Neurotropic Factor (BDNF) (Val66Met) Genes Polymorphism in Schizophrenia: A Case-Control Study

    OpenAIRE

    Saravani, Ramin; Galavi, Hamid Reza; Lotfian Sargazi, Marzieh

    2017-01-01

    Objective: Several studies have shown that some polymorphisms of genes encoding catechol-O-methyltransferase (COMT), the key enzyme in degrading dopamine, and norepinephrine and the human brain-derived neurotropic factor (BDNF), a nerve growth factor, are strong candidates for risk of schizophrenia (SCZ). In the present study, we aimed at examining the effects of COMT Val158Met (G>A) and BDNF Val66Met (G>A) polymorphisms on SCZ risk in a sample of Iranian population. Method: This case- contro...

  5. Association of COMT (Val158Met) and BDNF (Val66Met) Gene Polymorphisms with Anxiety, ADHD and Tics in Children with Autism Spectrum Disorder

    OpenAIRE

    Gadow, Kenneth D.; Roohi, Jasmin; DeVincent, Carla J.; Kirsch, Sarah; Hatchwell, Eli

    2009-01-01

    The aim of the study is to examine rs4680 (COMT) and rs6265 (BDNF) as genetic markers of anxiety, ADHD, and tics. Parents and teachers completed a DSM-IV-referenced rating scale for a total sample of 67 children with autism spectrum disorder (ASD). Both COMT (p = 0.06) and BDNF (p = 0.07) genotypes were marginally significant for teacher ratings of social phobia (ηp2 = 0.06). Analyses also indicated associations of BDNF genotype with parent-rated ADHD (p = 0.01, ηp2 = 0.10) and teacher-rated ...

  6. Radioenzymatic assay of plasma adrenaline and noradrenaline: evidence for a catechol-O-methyltransferase (COMT) inhibiting factor associated with essential hypertension

    International Nuclear Information System (INIS)

    Hoffmann, J.J.M.L.; Willemsen, J.J.; Thien, Th.; Benraad, Th.J.

    1982-01-01

    During the evaluation of a modified radioenzymatic determination of plasma adrenaline and noradrenaline, it has been found that there exists a highly significant (p 0 C, but only in plasma from patients with essential hypertension. Plasma from normotensive persons exhibits a complete lack of correlation between these factors. The consequences of the hypertension-associated COMT-inhibiting factor for the assays' specifications are discussed and data are presented for comparison with a recently-described uremia-associated COMT-inhibitor (Demassieux et al, Clin Chim Acta 115, 377-391; 1981). (Auth.)

  7. Perceived Stress in Adults Aged 65 to 90: Relations to Facets of Time Perspective and COMT Val158Met Polymorphism.

    Science.gov (United States)

    Rönnlund, Michael; Åström, Elisabeth; Adolfsson, Rolf; Carelli, Maria G

    2018-01-01

    This study examined the relation between perceived stress and time perspective (views of past, present, future) in a population-based sample of older adults (65-90 years, N = 340). The Perceived Questionnaire (PSQ index) was used to measure stress and the Swedish version of the Zimbardo Time Perspective Inventory (S-ZTPI) was used to operationalize time perspective. Unlike the original inventory, S-ZTPI separates positive and negative aspects of a future time perspective and we hypothesized that the Future Negative (FN) scale would be important to account for variations in stress. Additionally, associations with Catechol-O-methyltransferase ( COMT ) Val 158 Met polymorphism were examined, motivated by prior associations of this single nucleotide polymorphism (SNP) with stress (or "anxiety") related personality traits. In line with the hypotheses, FN was the strongest predictor of PSQ index scores in multiple regression analyses. In a related vein, the dichotomization of the unitary Future scale increased the association between PSQ scores and a measure of deviations from a balanced time perspective, i.e., the difference between a proposed optimal and observed ZTPI profile. Finally, higher levels of stress as well as higher scores on FN were observed in COMT Val/Val carriers, at least among men. This suggests a shared dopaminergic genetic influence on these variables. Collectively, the results demonstrate that perceived stress is closely linked to time perspective and highlight the need to take negative aspects of a future temporal orientation into account to understand this relation.

  8. Perceived Stress in Adults Aged 65 to 90: Relations to Facets of Time Perspective and COMT Val158Met Polymorphism

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michael Rönnlund

    2018-03-01

    Full Text Available This study examined the relation between perceived stress and time perspective (views of past, present, future in a population-based sample of older adults (65–90 years, N = 340. The Perceived Questionnaire (PSQ index was used to measure stress and the Swedish version of the Zimbardo Time Perspective Inventory (S-ZTPI was used to operationalize time perspective. Unlike the original inventory, S-ZTPI separates positive and negative aspects of a future time perspective and we hypothesized that the Future Negative (FN scale would be important to account for variations in stress. Additionally, associations with Catechol-O-methyltransferase (COMT Val158Met polymorphism were examined, motivated by prior associations of this single nucleotide polymorphism (SNP with stress (or “anxiety” related personality traits. In line with the hypotheses, FN was the strongest predictor of PSQ index scores in multiple regression analyses. In a related vein, the dichotomization of the unitary Future scale increased the association between PSQ scores and a measure of deviations from a balanced time perspective, i.e., the difference between a proposed optimal and observed ZTPI profile. Finally, higher levels of stress as well as higher scores on FN were observed in COMT Val/Val carriers, at least among men. This suggests a shared dopaminergic genetic influence on these variables. Collectively, the results demonstrate that perceived stress is closely linked to time perspective and highlight the need to take negative aspects of a future temporal orientation into account to understand this relation.

  9. Genetic and vascular modifiers of age-sensitive cognitive skills: effects of COMT, BDNF, ApoE, and hypertension.

    Science.gov (United States)

    Raz, Naftali; Rodrigue, Karen M; Kennedy, Kristen M; Land, Susan

    2009-01-01

    Several single nucleotide polymorphisms have been linked to neural and cognitive variation in healthy adults. We examined contribution of three polymorphisms frequently associated with individual differences in cognition (Catechol-O-Methyl-Transferase Val158Met, Brain-Derived-Neurotrophic-Factor Val66Met, and Apolipoprotein E epsilon4) and a vascular risk factor (hypertension) in a sample of 189 volunteers (age 18-82). Genotypes were determined from buccal culture samples, and cognitive performance was assessed in 4 age-sensitive domains?fluid intelligence, executive function (inhibition), associative memory, and processing speed. We found that younger age and COMT Met/Met genotype, associated with low COMT activity and higher prefrontal dopamine content, were independently linked to better performance in most of the tested domains. Homozygotes for Val allele of BDNF polymorphism exhibited better associative memory and faster speed of processing than the Met allele carriers, with greater effect for women and persons with hypertension. Carriers of ApoE epsilon4 allele evidenced steeper age-related increase in costs of Stroop color interference, but showed no negative effects on memory. The findings indicate that age-related cognitive performance is differentially affected by distinct genetic factors and their interactions with vascular health status. (c) 2009 APA, all rights reserved.

  10. [Study of genetic variants in the BDNF, COMT, DAT1 and SERT genes in Colombian children with attention deficit disorder].

    Science.gov (United States)

    Ortega-Rojas, Jenny; Arboleda-Bustos, Carlos E; Morales, Luis; Benítez, Bruno A; Beltrán, Diana; Izquierdo, Álvaro; Arboleda, Humberto; Vásquez, Rafael

    Attention deficit and hyperactive disorder (ADHD) is highly prevalent among children in Bogota City. Both genetic and environmental factors play a very important role in the etiology of ADHD. However, to date few studies have addressed the association of genetic variants and ADHD in the Colombian population. To test the genetic association between polymorphisms in the DAT1, HTTLPR, COMT and BDNF genes and ADHD in a sample from Bogota City. We genotyped the most common polymorphisms in DAT1, SERT, COMT and BDNF genes associated with ADHD using conventional PCR followed by restriction fragment length polymorphism (RFLP) in 97 trios recruited in a medical center in Bogota. The transmission disequilibrium test (TDT) was used to determine the association between such genetic variants and ADHD. The TDT analysis showed that no individual allele of any variant studied has a preferential transmission. Our results suggest that the etiology of the ADHD may be complex and involves several genetic factors. Further studies in other candidate polymorphisms in a larger sample size will improve our knowledge of the ADHD in Colombian population. Copyright © 2016 Asociación Colombiana de Psiquiatría. Publicado por Elsevier España. All rights reserved.

  11. Comparative evaluation of two radioenzymatic procedures designed to determine noradrenaline in the plasma (COMT assay and PNMT assay)

    International Nuclear Information System (INIS)

    Barth, A.

    1984-01-01

    A comparative evaluation of two radioenzymatic procedures to determine the concentration of noradrenaline in the plasma - with linearity, sensitivity, specifity and accuracy serving as test criteria - led to the following results: In view of a probability of error in the order of 2% both methods were judged to show a satisfactory sensitivity. The specific of the COMT assay, by contrast with that of the PNMT assay, was found to be wanting, as the noradrenaline measurements in the presence of other biogenic amines were biassed in such a way that the values determined were higher than the actual concentrations. During antihypertensive treatment even minimal changes in the noradrenaline concentration can be ascertained on a quantitative basis. If suitable hardware is available, the COMT assay permits up to 25 single determinations to be carried out per day, while the number of double determinations is restricted to 7 per day. One advantage, however, lies in the fact that several catecholamines in the plasma can be detected simultaneously, if required. In cases where the noradrenaline concentration alone is to be determined for clinical purposes, preference should be given to the PNMT assay, as both tests showed equal linearity and sensitivity. (TRV) [de

  12. The COMT Val/Met polymorphism is associated with reading related skills and consistent patterns of functional neural activation

    Science.gov (United States)

    Landi, Nicole; Frost, Stephen J.; Mencl, W. Einar; Preston, Jonathan L.; Jacobsen, Leslie K.; Lee, Maria; Yrigollen, Carolyn; Pugh, Kenneth R.; Grigorenko, Elena L.

    2013-01-01

    In both children and adults there is large variability in reading skill, with approximately 5–10% of individuals characterized as having reading disability; these individuals struggle to learn to read despite adequate intelligence and opportunity. Although it is well established that a substantial portion of this variability is attributed to the genetic differences between individuals, specifics of the connections between reading and the genome are not understood. This article presents data that suggest that variation in the COMT gene, which has previously been associated with variation in higher-order cognition, is associated with reading and reading-related skills, both at the level of brain and behavior. In particular, we found that the COMT Val/Met polymorphism at rs4680, which results in the substitution of the ancestral Valine (Val) by Methionine (Met), was associated with better performance on a number of critical reading measures and with patterns of functional neural activation that have been linked to better readers. We argue that this polymorphism, known for its broad effects on cognition, may modulate (likely through frontal lobe function) reading skill. PMID:23278923

  13. The COMT Val/Met polymorphism is associated with reading-related skills and consistent patterns of functional neural activation.

    Science.gov (United States)

    Landi, Nicole; Frost, Stephen J; Mencl, W Einar; Preston, Jonathan L; Jacobsen, Leslie K; Lee, Maria; Yrigollen, Carolyn; Pugh, Kenneth R; Grigorenko, Elena L

    2013-01-01

    In both children and adults there is large variability in reading skill, with approximately 5-10% of individuals characterized as having reading disability; these individuals struggle to learn to read despite adequate intelligence and opportunity. Although it is well established that a substantial portion of this variability is attributed to the genetic differences between individuals, specifics of the connections between reading and the genome are not understood. This article presents data that suggest that variation in the COMT gene, which has previously been associated with variation in higher-order cognition, is associated with reading and reading-related skills, at the level of both brain and behavior. In particular, we found that the COMT Val/Met polymorphism at rs4680, which results in the substitution of the ancestral Valine (Val) by Methionine (Met), was associated with better performance on a number of critical reading measures and with patterns of functional neural activation that have been linked to better readers. We argue that this polymorphism, known for its broad effects on cognition, may modulate (likely through frontal lobe function) reading skill. © 2012 Blackwell Publishing Ltd.

  14. [Logic model of the Franche-Comté Regional Health Project: advantages and limitations for the evaluation process].

    Science.gov (United States)

    Michaud, Claude; Sannino, Nadine; Duboudin, Cédric; Baudier, François; Guillin, Caroline; Billondeau, Christine; Mansion, Sylvie

    2014-01-01

    The French "Hospitals, patients, health and territories" law of July 2009 created the Regional Health Project (PRS) to support regional health policy, and requires evaluation of these projects. The construction of these projects, which includes prevention planning, care planning, and medical and social welfare planning, presents an unprecedented complexity in France, where evaluation programmes are still in their infancy. To support future evaluations, the Franche-Comté Regional Health Agency (ARS FC), assisted by the expertise of EFECT Consultants, decided to reconstruct the PRS logic model. This article analyzes the advantages and limitations of this approach. The resulting logic model allows visualization of the strategy adopted to achieve the Franche-Comté PRS ambitions and expected results. The model highlights four main aspects of structural change to the health system, often poorly visible in PRS presentation documents. This model also establishes links with the usual public policy evaluation issues and facilitates their prioritization. This approach also provides a better understanding of the importance of analysis of the programme construction in order to be effective rather than direct analysis of the effects, which constitutes the natural tendency of current practice. The main controversial limit concerns the retrospective design of the PRS framework, both in terms of the reliability of interpretation and adoption by actors not directly involved in this initiative.

  15. Genetic moderation of the effects of cannabis: catechol-O-methyltransferase (COMT) affects the impact of Δ9-tetrahydrocannabinol (THC) on working memory performance but not on the occurrence of psychotic experiences.

    Science.gov (United States)

    Tunbridge, Elizabeth M; Dunn, Graham; Murray, Robin M; Evans, Nicole; Lister, Rachel; Stumpenhorst, Katharina; Harrison, Paul J; Morrison, Paul D; Freeman, Daniel

    2015-11-01

    Cannabis use can induce cognitive impairments and psychotic experiences. A functional polymorphism in the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene (Val(158)Met) appears to influence the immediate cognitive and psychotic effects of cannabis, or ∆(9)-tetrahydrocannabinol (THC), its primary psychoactive ingredient. This study investigated the moderation of the impact of experimentally administered THC by COMT. Cognitive performance and psychotic experiences were studied in participants without a psychiatric diagnosis, using a between-subjects design (THC vs. placebo). The effect of COMT Val(158)Met genotype on the cognitive and psychotic effects of THC, administered intravenously in a double-blind, placebo-controlled manner to 78 participants who were vulnerable to paranoia, was examined. The results showed interactive effects of genotype and drug group (THC or placebo) on working memory, assayed using the Digit Span Backwards task. Specifically, THC impaired performance in COMT Val/Val, but not Met, carriers. In contrast, the effect of THC on psychotic experiences, measured using the Community Assessment of Psychic Experiences (CAPE) positive dimension, was unaffected by COMT genotype. This study is the largest to date examining the impact of COMT genotype on response to experimentally administered THC, and the first using a purely non-clinical cohort. The data suggest that COMT genotype moderates the cognitive, but not the psychotic, effects of acutely administered THC. © The Author(s) 2015.

  16. Investigating the genetic basis of theory of mind (ToM): the role of catechol-O-methyltransferase (COMT) gene polymorphisms.

    Science.gov (United States)

    Xia, Haiwei; Wu, Nan; Su, Yanjie

    2012-01-01

    The ability to deduce other persons' mental states and emotions which has been termed 'theory of mind (ToM)' is highly heritable. First molecular genetic studies focused on some dopamine-related genes, while the genetic basis underlying different components of ToM (affective ToM and cognitive ToM) remain unknown. The current study tested 7 candidate polymorphisms (rs4680, rs4633, rs2020917, rs2239393, rs737865, rs174699 and rs59938883) on the catechol-O-methyltransferase (COMT) gene. We investigated how these polymorphisms relate to different components of ToM. 101 adults participated in our study; all were genetically unrelated, non-clinical and healthy Chinese subjects. Different ToM tasks were applied to detect their theory of mind ability. The results showed that the COMT gene rs2020917 and rs737865 SNPs were associated with cognitive ToM performance, while the COMT gene rs5993883 SNP was related to affective ToM, in which a significant gender-genotype interaction was found (p = 0.039). Our results highlighted the contribution of DA-related COMT gene on ToM performance. Moreover, we found out that the different SNP at the same gene relates to the discriminative aspect of ToM. Our research provides some preliminary evidence to the genetic basis of theory of mind which still awaits further studies.

  17. Val158Met polymorphism in the COMT gene is associated with hypersomnia and mental health-related quality of life in a Colombian sample.

    Science.gov (United States)

    Jiménez, Karen M; Pereira-Morales, Angela J; Forero, Diego A

    2017-03-22

    The identification of genes that are risk factors for major depressive disorder remains a main task for global psychiatric research. The Catechol-O-methyltransferase (COMT) gene has been an important candidate risk factor for several psychiatric disorders. Previous studies have shown that a functional polymorphism (Val158Met) in this gene has an effect on several brain circuits and endophenotypes of psychiatric relevance. The aim of this study was to explore the association of a functional polymorphism in the COMT gene with psychological distress, sleep problems and health-related quality of life. Two hundred seventy young Colombian subjects (mean age: 21.3 years; range: 18-57 years) completed the Patient Health Questionnaire-9, the Perceived Stress Scale, the Oviedo Sleep Questionnaire and the 12-Item Short-Form Health Survey and were genotyped for the Val158Met polymorphism (rs4680) in the COMT gene. A linear regression analysis, adjusting for potential confounding factors, was carried out. Subjects that were Met carriers (Val/Met and Met/Met genotypes) showed higher scores for hypersomnia (p=0.001) and lower scores for mental health-related quality of life (p=0.007), these associations remained significant after correcting for multiple testing. These findings support the hypothesis of a broad effect of the Val158Met polymorphism in the COMT gene on several dimensions of behavior and neuropsychiatric symptoms. Copyright © 2017 Elsevier B.V. All rights reserved.

  18. The role of COMT and plasma proline in the variable penetrance of autistic spectrum symptoms in 22q11.2 deletion syndrome

    NARCIS (Netherlands)

    Hidding, E.; Swaab, H.; de Sonneville, L. M J; van Engeland, H.; Vorstman, J. A S

    2016-01-01

    This paper examines how COMT158 genotypes and plasma proline levels are associated with variable penetrance of social behavioural and social cognitive problems in 22q11.2 deletion syndrome (22q11DS). Severity of autistic spectrum symptoms of 45 participants with 22q11DS was assessed using the Autism

  19. [The polymorphism of catechol-O-methyltransferase (COMT) and hemochromatosis (HFE) genes in the radiocontaminated regions residents with different chromosome aberration frequency].

    Science.gov (United States)

    Ivanova, T I; Kondrashova, T V; Krikunova, L I; Smirnova, I A; Shentereva, N I; Sychenkova, N I; Rykova, E V; Zharikova, I A; Khorokhorina, V A; Riabchenko, N I; Zamulaeva, I A

    2010-01-01

    The association between polymorphisms in genes COMT, HFE that takes part in oxidative stress regulation, and chromosome aberration frequency in lymphocytes was assessed in 278 female residents of radiation polluted regions of Central Russia: Bryansk (322 kBk/m2) and Tula Districts (137Cs - 171 kBk/m2). The C187G, G845A genotyping of HFE and G1947A (H/L) of COMT was done by means of polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism. Studied population was divided into 3 subgroups by level of chromosome aberrations per cell (0-2, 3-4, >5). There was shown statistically significant difference in distribution of COMTand HFE genotypes between the groups. The high frequency of chromosome aberrations (> or = 5%) was associated with homozygotes of the high activity COMT G/G and HFE CC. Heterozygotes for G1947A COMT and C187G HFE reveal negative association with the high frequency of chromosome aberrations and correspond to "resistance factors".

  20. The effect of COMT Val158 Met genotype on decision-making and preliminary findings on its interaction with the 5-HTTLPR in healthy females.

    Science.gov (United States)

    van den Bos, Ruud; Homberg, Judith; Gijsbers, Ellen; den Heijer, Esther; Cuppen, Edwin

    2009-02-01

    Poor decision-making is inherent to several psychiatric conditions for which a genetic basis may exist. We previously showed that healthy female volunteers homozygous for the short allele (s/s) of the serotonin transporter length polymorphic region (5-HTTLPR) chose more often cards from disadvantageous decks in the Iowa Gambling Task (IGT), which measures decision-making, than long (l) allele carriers. The 5-HTTLPR and catechol-O-methyltransferase (COMT) Val(158) Met polymorphism affect the same set of neuronal structures. Therefore, we explored the effect of the (COMT) Val(158) Met polymorphism on IGT performance and its interaction with the 5-HTTLPR in the same subjects in this study. We observed that subjects homozygous for methionine (Met/Met) chose more disadvantageously than subjects homozygous for valine (Val/Val). s/s-Met/Met-subjects appeared to show the poorest IGT performance of all possible combinations of 5-HTTLPR and COMT allelic variants. Using the Expectancy-Valence model, no differences were found for the three different 5-HTTLPR or COMT genotypes regarding (i) attention to wins versus losses, (ii) updating rate, or (iii) response consistency. However, subjects with at least one Met-allele were paying more attention to wins than subjects with no Met-alleles. We discuss whether a common neuronal mechanism relates to s- and Met-allele-related deficits in updating and/or processing of choice outcome to guide subsequent choices in this gamble-based test.

  1. Cognitive control and the COMT Val158Met polymorphism: genetic modulation of videogame training and transfer to task-switching efficiency

    NARCIS (Netherlands)

    Colzato, L.S.; van den Wildenberg, W.P.M.; Hommel, B.

    2014-01-01

    The study investigated whether successful transfer of game-based cognitive improvements to untrained tasks might be modulated by preexisting neuro-developmental factors, such as genetic variability related to the catechol-O-methyltransferase (COMT)—an enzyme responsible for the degradation of

  2. Modifying effect of COMT gene polymorphism and a predictive role for proteomics analysis in children's intelligence in endemic fluorosis area in Tianjin, China.

    Science.gov (United States)

    Zhang, Shun; Zhang, Xiaofei; Liu, Hongliang; Qu, Weidong; Guan, Zhizhong; Zeng, Qiang; Jiang, Chunyang; Gao, Hui; Zhang, Cheng; Lei, Rongrong; Xia, Tao; Wang, Zhenglun; Yang, Lu; Chen, Yihu; Wu, Xue; Cui, Yushan; Yu, Linyu; Wang, Aiguo

    2015-04-01

    Cumulative fluoride exposure has adverse influences on children's intelligence quotient (IQ). In addition, catechol-O-methyltransferase (COMT) gene Val158Met polymorphism (rs4680) is associated with cognitive performance. This study aimed to evaluate the associations of COMT polymorphism and alterations of protein profiles with children's intelligence in endemic fluorosis area. We recruited 180 schoolchildren (10-12 years old) from high fluoride exposure (1.40 mg/l) and control areas (0.63 mg/l) in Tianjin City, China. The children's IQ, fluoride contents in drinking water (W-F), serum (S-F), and urine (U-F); serum thyroid hormone levels, COMT Val158Met polymorphism, and plasma proteomic profiling were determined. Significant high levels of W-F, S-F, U-F, along with poor IQ scores were observed in the high fluoride exposure group compared with those in control (all P intelligence, whereas the COMT polymorphism may increase the susceptibility to the deficits in IQ due to fluoride exposure. Moreover, the proteomic analysis can provide certain basis for identifying the early biological markers of fluorosis among children. © The Author 2015. Published by Oxford University Press on behalf of the Society of Toxicology. All rights reserved. For Permissions, please e-mail: journals.permissions@oup.com.

  3. Genetic Influences of OPRM1, OPRD1 and COMT on Morphine Analgesia in a Multi-Modal, Multi-Tissue Human Experimental Pain Model

    DEFF Research Database (Denmark)

    Nielsen, Lecia Møller; Christrup, Lona Louring; Sato, Hiroe

    2017-01-01

    (mechanical, electrical and thermal) and cold pressor test (immersion of the hand into ice water). Sixteen genetic polymorphisms of four candidate genes were explored. Variability in morphine analgesia to contact heat stimulation was associated with COMT rs4680 (P=0.04), and rectal thermal stimulation...

  4. Attention Deficit Hyperactivity Disorder comorbid oppositional defiant disorder and its predominately inattentive type: evidence for an association with COMT but not MAOA in a Chinese sample

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wang Yu-Feng

    2009-02-01

    Full Text Available Abstract Background There are three childhood disruptive behavior disorders (DBDs, attention deficit hyperactivity disorder (ADHD, oppositional defiant disorder (ODD, and conduct disorder (CD. The most common comorbid disorder in ADHD is ODD. DSM-IV describes three ADHD subtypes: predominantly inattentive type (ADHD-IA, predominantly hyperactive-impulsive type (ADHD-HI, and combined type (ADHD-C. Prior work suggests that specific candidate genes are associated with specific subtypes of ADHD in China. Our previous association studies between ADHD and functional polymorphisms of COMT and MAOA, consistently showed the low transcriptional activity alleles were preferentially transmitted to ADHD-IA boys. Thus, the goal of the present study is to test the hypothesis that COMT Val158Met and MAOA-uVNTR jointly contribute to the ODD phenotype among Chinese ADHD boys. Methods 171 Chinese boys between 6 and 17.5 years old (mean = 10.3, SD = 2.6 with complete COMT val158met and MAOA-uVNTR genotyping information were studied. We used logistic regression with genotypes as independent variables and the binary phenotype as the dependent variable. We used p Results Our results highlight the potential etiologic role of COMT in the ADHD with comorbid ODD and its predominately inattentive type in male Chinese subjects. ADHD with comorbid ODD was associated with homozygosity of the high-activity Val allele, while the predominantly inattentive ADHD subtype was associated with the low-activity Met allele. We found no evidence of association between the MAOA-uVNTR variant and ADHD with comorbid ODD or the ADHD-IA subtype. Conclusion Our study of attention deficit hyperactivity disorder comorbid oppositional defiant disorder and its predominately inattentive type highlights the potential etiologic role of COMT for ADHD children in China. But we failed to observe an interaction between COMT and MAOA, which suggests that epistasis between COMT and MAOA genes does not

  5. Childhood Abuse Experiences and the COMT and MTHFR Genetic Variants Associated With Male Sexual Orientation in the Han Chinese Populations: A Case-Control Study.

    Science.gov (United States)

    Qin, Jia-Bi; Zhao, Guang-Lu; Wang, Feng; Cai, Yu-Mao; Lan, Li-Na; Yang, Lin; Feng, Tie-Jian

    2018-01-01

    Although it is widely acknowledged that genetic and environmental factors are involved in the development of male homosexuality, the causes are not fully understood. To explore the association and interaction of childhood abuse experiences and genetic variants of the catechol-O-methyltransferase (COMT) and methylenetetrahydrofolate reductase (MTHFR) genes with the development of male homosexuality. A case-control study of 537 exclusively homosexual men and 583 exclusively heterosexual men was conducted, with data collected from March 2013 to August 2015. Data were analyzed using χ 2 tests and logistic regression models. Sociodemographic characteristics, childhood abuse experiences, and polymorphisms of COMT at rs4680, rs4818, and rs6267 and MTHFR at rs1801133. More frequent occurrence of physical (adjusted odds ratio [aOR] = 1.78), emotional (aOR = 2.07), and sexual (aOR = 2.53) abuse during childhood was significantly associated with the development of male homosexuality. The polymorphisms of MTHFR at rs1801133 and COMT at rs4818 also were significantly associated with the development of male homosexuality in the homozygote comparisons (T/T vs C/C at rs1801133, aOR = 1.68; G/G vs C/C at rs4818, aOR = 1.75). In addition, significant interaction effects between childhood abuse experiences and the COMT and MTHFR genetic variants on the development of male homosexuality were found. This is the first time that an association of childhood abuse, COMT and MTHFR genetic variants, and their interactions with development of male homosexuality was exhaustively explored, which could help provide new insight into the etiology of male homosexuality. Because homosexual men are a relatively obscure population, it was impossible to select the study participants by random sampling, which could lead to selection bias. In addition, because this was a case-control study, recall bias was inevitable, and we could not verify causality. Childhood abuse and the COMT and MTHFR genetic

  6. Assessment of cellular estrogenic activity based on estrogen receptor-mediated reduction of soluble-form catechol-O-methyltransferase (COMT expression in an ELISA-based system.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Philip Wing-Lok Ho

    Full Text Available Xenoestrogens are either natural or synthetic compounds that mimic the effects of endogenous estrogen. These compounds, such as bisphenol-A (BPA, and phthalates, are commonly found in plastic wares. Exposure to these compounds poses major risk to human health because of the potential to cause endocrine disruption. There is huge demand for a wide range of chemicals to be assessed for such potential for the sake of public health. Classical in vivo assays for endocrine disruption are comprehensive but time-consuming and require sacrifice of experimental animals. Simple preliminary in vitro screening assays can reduce the time and expense involved. We previously demonstrated that catechol-O-methyltransferase (COMT is transcriptionally regulated by estrogen via estrogen receptor (ER. Therefore, detecting corresponding changes of COMT expression in estrogen-responsive cells may be a useful method to estimate estrogenic effects of various compounds. We developed a novel cell-based ELISA to evaluate cellular response to estrogenicity by reduction of soluble-COMT expression in ER-positive MCF-7 cells exposed to estrogenic compounds. In contrast to various existing methods that only detect bioactivity, this method elucidates direct physiological effect in a living cell in response to a compound. We validated our assay using three well-characterized estrogenic plasticizers - BPA, benzyl butyl phthalate (BBP, and di-n-butyl phthalate (DBP. Cells were exposed to either these plasticizers or 17β-estradiol (E2 in estrogen-depleted medium with or without an ER-antagonist, ICI 182,780, and COMT expression assayed. Exposure to each of these plasticizers (10(-9-10(-7M dose-dependently reduced COMT expression (p<0.05, which was blocked by ICI 182,780. Reduction of COMT expression was readily detectable in cells exposed to picomolar level of E2, comparable to other in vitro assays of similar sensitivity. To satisfy the demand for in vitro assays targeting different

  7. Qualidade do sono entre professores e fatores associados

    OpenAIRE

    Denise Andrade Pereira Meier

    2016-01-01

    O sono desempenha função notável na prevenção de doenças, manutenção e recuperação da saúde física e mental. Como processo reparador, sofre influências de fatores determinantes e condicionantes, que o tornam complexo e multifacetado. As condições adversas de trabalho enfrentadas por professores podem prejudicar sua qualidade de vida e, consequentemente, seu padrão de sono. Este estudo objetivou analisar a qualidade do sono e fatores associados em professores da educação básica. Trata-se de um...

  8. The divergent impact of catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met genetic polymorphisms on executive function in adolescents with discrete patterns of childhood adversity.

    Science.gov (United States)

    Zhang, Huihui; Li, Jie; Yang, Bei; Ji, Tao; Long, Zhouting; Xing, Qiquan; Shao, Di; Bai, Huayu; Sun, Jiwei; Cao, Fenglin

    2018-02-01

    Catechol-O-methyltransferase (COMT) Val 158 Met functional polymorphisms play a crucial role in the development of executive function (EF), but their effect may be moderated by environmental factors such as childhood adversity. The present study aimed at testing the divergent impact of the COMT Val 158 Met genotype on EF in non-clinical adolescents with discrete patterns of childhood adversity. A total of 341 participants completed the Childhood Trauma Questionnaire, the self-reported version of the Behavior Rating Inventory of Executive Function, and self-administered questionnaires on familial function. The participants' COMT Val 158 Met genotype was determined. Associations among the variables were explored using latent class analysis and general linear models. We found that Val/Val homozygotes showed significantly worse performance on behavioral shift, relative to Met allele carriers (F=5.921, p=0.015, Partial η 2 =0.018). Moreover, three typical patterns of childhood adversity, namely, low childhood adversity (23.5%), childhood neglect (59.8%), and high childhood adversity (16.7%), were found. Both childhood neglect and high childhood adversity had a negative impact on each aspect of EF and on global EF performance. Importantly, these results provided evidence for significant interaction effects, as adolescents with the Val/Val genotype showed inferior behavioral shift performance than Met carriers (F=6.647, p=0.010, Partial η 2 =0.020) in the presence of high childhood adversity. Furthermore, there were no differences between the genotypes for childhood neglect and low childhood adversity. Overall, this is the first study to show that an interaction between the COMT genotype and childhood adversity affects EF in non-clinical adolescents. These results suggest that the COMT genotype may operate as a susceptibility gene vulnerable to an adverse environment. Copyright © 2017 Elsevier Inc. All rights reserved.

  9. Interaction between catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met genotype and genetic vulnerability to schizophrenia during explicit processing of aversive facial stimuli.

    Science.gov (United States)

    Lo Bianco, L; Blasi, G; Taurisano, P; Di Giorgio, A; Ferrante, F; Ursini, G; Fazio, L; Gelao, B; Romano, R; Papazacharias, A; Caforio, G; Sinibaldi, L; Popolizio, T; Bellantuono, C; Bertolino, A

    2013-02-01

    Emotion dysregulation is a key feature of schizophrenia, a brain disorder strongly associated with genetic risk and aberrant dopamine signalling. Dopamine is inactivated by catechol-O-methyltransferase (COMT), whose gene contains a functional polymorphism (COMT Val158Met) associated with differential activity of the enzyme and with brain physiology of emotion processing. The aim of the present study was to investigate whether genetic risk for schizophrenia and COMT Val158Met genotype interact on brain activity during implicit and explicit emotion processing. A total of 25 patients with schizophrenia, 23 healthy siblings of patients and 24 comparison subjects genotyped for COMT Val158Met underwent functional magnetic resonance imaging during implicit and explicit processing of facial stimuli with negative emotional valence. We found a main effect of diagnosis in the right amygdala, with decreased activity in patients and siblings compared with control subjects. Furthermore, a genotype × diagnosis interaction was found in the left middle frontal gyrus, such that the effect of genetic risk for schizophrenia was evident in the context of the Val/Val genotype only, i.e. the phenotype of reduced activity was present especially in Val/Val patients and siblings. Finally, a complete inversion of the COMT effect between patients and healthy subjects was found in the left striatum during explicit processing. Overall, these results suggest complex interactions between genetically determined dopamine signalling and risk for schizophrenia on brain activity in the prefrontal cortex during emotion processing. On the other hand, the effects in the striatum may represent state-related epiphenomena of the disorder itself.

  10. COMT Val158Met and 5-HT1A-R -1019 C/G polymorphisms: effects on the negative symptom response to clozapine.

    Science.gov (United States)

    Bosia, Marta; Lorenzi, Cristina; Pirovano, Adele; Guglielmino, Carmelo; Cocchi, Federica; Spangaro, Marco; Bramanti, Placido; Smeraldi, Enrico; Cavallaro, Roberto

    2015-01-01

    Clozapine is still considered the gold standard for treatment-resistant schizophrenia patients; however, up to 40% of patients do not respond adequately. Identifying potential predictors of clinical response to this last-line antipsychotic could represent an important goal for treatment. Among these, functional polymorphisms involved in dopamine system modulation, known to be disrupted in schizophrenia, may play a role. We examined the COMT Val158Met polymorphism, which plays a key role in dopamine regulation at the prefrontal level, and the 5-HT1A-R -1019 C/G polymorphism, a target of clozapine activity involved in the interaction between the serotonin and dopamine systems. 107 neuroleptic-refractory, biologically unrelated Italian patients (70 males and 37 females) with a DSM-IV diagnosis of schizophrenia who were being treated with clozapine were recruited. Psychopathology was assessed by the Positive and Negative Symptoms Scale (PANSS) at the beginning of treatment, and at weeks 8 and 12. Genomic DNA was extracted from venous blood samples. COMT rs4680 (Val158Met) and 5-HT1A-R rs6295 (-1019 C/G) polymorphisms were analyzed by PCR-based restriction fragment length and direct sequencing, respectively. We found a significant effect of COMT and 5-HT1A-R on the PANSS Negative Subscale variation, with greater improvement among COMT Val/Val and 5-HT1A-R G/G subjects. The findings support the hypothesis that COMT rs4680 and 5-HT1A-R rs6295 polymorphisms could influence the negative symptom response to clozapine, probably through modulation of the dopaminergic system.

  11. Pathways to age of onset of heroin use: a structural model approach exploring the relationship of the COMT gene, impulsivity and childhood trauma.

    Science.gov (United States)

    Li, Ting; Du, Jiang; Yu, Shunying; Jiang, Haifeng; Fu, Yingmei; Wang, Dongxiang; Sun, Haiming; Chen, Hanhui; Zhao, Min

    2012-01-01

    The interaction of the association of dopamine genes, impulsivity and childhood trauma with substance abuse remains unclear. To clarify the impacts and the interactions of the Catechol -O-methyltransferase (COMT) gene, impulsivity and childhood trauma on the age of onset of heroin use among heroin dependent patients in China. 202 male and 248 female inpatients who meet DSM-IV criteria of heroin dependence were enrolled. Impulsivity and childhood trauma were measured using BIS-11 (Barratt Impulsiveness Scale-11) and ETISR-SF (Early Trauma Inventory Self Report-Short Form). The single nucleotide polymorphism (SNP) rs737866 on the COMT gene-which has previously been associated with heroin abuse, was genotyped using a DNA sequence detection system. Structural equations model was used to assess the interaction paths between these factors and the age of onset of heroin use. Chi-square test indicated the individuals with TT allele have earlier age of onset of heroin use than those with CT or CC allele. In the correlation analysis, the severity of childhood trauma was positively correlated to impulsive score, but both of them were negatively related to the age of onset of heroin use. In structure equation model, both the COMT gene and childhood trauma had impacts on the age of onset of heroin use directly or via impulsive personality. Our findings indicated that the COMT gene, impulsive personality traits and childhood trauma experience were interacted to impact the age of onset of heroin use, which play a critical role in the development of heroin dependence. The impact of environmental factor was greater than the COMT gene in the development of heroin dependence.

  12. Prevalência de dislipidemias e fatores de risco associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena Braz de Oliveira

    2017-10-01

    Full Text Available Introdução: A dislipidemia caracteriza-se pela elevação dos níveis plasmáticos de colesterol de baixa densidade (LDL-c, redução dos níveis de colesterol de alta densidade (HDL-c e/ou aumento de triglicérides (TG. Essas alterações evidenciam o risco para doenças cardiovasculares (DCV e uma alta probabilidade de ocorrência de morte por eventos coronarianos. Objetivo: Avaliar a prevalência de dislipidemia e fatores de risco associados em pacientes ambulatoriais do hospital universitário da Universidade Federal do Piauí. Métodos: Trata-se de um estudo transversal, no qual a amostra foi constituída por 124 pacientes. Foram analisados os principais fatores de risco modificáveis: sobrepeso e sedentarismo, e não modificáveis: idade e sexo. Resultados: Foram selecionados 137 pacientes para participarem do estudo, porém 13 foram excluídos, pois apresentavam dados incompletos, permanecendo 124 pacientes. Os fatores de risco modificáveis mais prevalentes no estudo foram sobrepeso (75,86% nos homens com dislipidemia e 84,48% nas mulheres com dislipidemia. O sedentarismo foi observado em 69% dos homens com dislipidemia e 61% das mulheres com dislipidemia. Os fatores de risco associados à dislipidemia foram a hipertensão, o diabetes mellitus e o tabagismo. Conclusões: A partir da realização deste estudo foi possível concluir que a maioria dos pacientes não tinha conhecimento prévio de seu perfil lipídico; a dislipidemia mais prevalente foi a hipertrigliceridemia isolada e o fator de risco mais prevalente foi o sobrepeso. Faz-se necessário o maior acompanhamento desses pacientes, aconselhando-os em relação a seus hábitos de vida para que possam ter uma melhor qualidade de vida.

  13. Paranormal experience and the COMT dopaminergic gene: a preliminary attempt to associate phenotype with genotype using an underlying brain theory.

    Science.gov (United States)

    Raz, Amir; Hines, Terence; Fossella, John; Castro, Daniella

    2008-01-01

    Paranormal belief and suggestibility seem related. Given our recent findings outlining a putative association between suggestibility and a specific dopaminergic genetic polymorphism, we hypothesized that similar exploratory genetic data may offer supplementary insights into a similar correlation with paranormal belief. With more affordable costs and better technology in the aftermath of the human genome project, genotyping is increasingly ubiquitous. Compelling brain theories guide specific research hypotheses as scientists begin to unravel tentative relationships between phenotype and genotype. In line with a dopaminergic brain theory, we tried to correlate a specific phenotype concerning paranormal belief with a dopaminergic gene (COMT) known for its involvement in prefrontal executive cognition and for a polymorphism that is positively correlated with suggestibility. Although our preliminary findings are inconclusive, the research approach we outline should pave the road to a more scientific account of elucidating paranormal belief.

  14. La posteridad sociológica de Auguste Comte: Lo normal y lo patológico en Durkheim

    OpenAIRE

    MICHEL BOURDEAU

    2008-01-01

    Este artículo completa un texto que, bajo el título «Ciencia, religión y sociedad en Auguste Comte», fue publicado en el año 2003 en las páginas de esta revista. Después de un breve repaso de los conceptos sociológicos fundamentales del Cours de philosophie positive, se muestra como el pensamiento de Durkheim se constituyó a través de una discusión crítica con el positivismo. Concretamente, se examinan dos momentos fundamentales de dicha confrontación. En primer lugar, se analiza como la dist...

  15. The association between COMT rs4680 and 5-HTTLPR genotypes and concussion history in South African rugby union players.

    Science.gov (United States)

    Mc Fie, Sarah; Abrahams, Shameemah; Patricios, Jon; Suter, Jason; Posthumus, Michael; September, Alison V

    2018-04-01

    The objective was to investigate the relationship between Catechol-O-methyltransferase (COMT) rs4680 and serotonin-transporter-linked polymorphic region (5-HTTLPR) genotypes with concussion history and personality traits. Rugby players ("all levels": n = 303), from high schools ("junior", n = 137), senior amateur, and professional teams ("senior", n = 166), completed a self-reported concussion history questionnaire, Cloninger's Tridimensional Personality Questionnaire, and donated a DNA sample. Participants were allocated into control (non-concussed, n = 140), case (all) (previous suspected or diagnosed concussions, n = 163), or case (diagnosed only) (previous diagnosed concussion, n = 140) groups. COMT rs4680 Val/Val genotypes were over-represented in controls in all levels (P = 0.013, OR:2.00, 95% CI:1.15-3.57) and in juniors (P = 0.003, OR:3.57, 95% CI:1.45-9.09). Junior Val/Val participants displayed increased "anticipatory worry" (P = 0.023). The 5-HTTLPR low expressing group was under-represented in controls when all levels were considered (P = 0.032; OR:2.02, 95% CI:1.05-3.90) and in juniors (P = 0.021; OR:3.36, 95% CI:1.16-9.72). Junior 5-HTTLPR low and intermediate expressing groups displayed decreased "harm avoidance" (P = 0.009), "anticipatory worry" (P = 0.041), and "fear of uncertainty" (P < 0.001). This study provides preliminary indications that personality associated genetic variants can influence concussion in rugby.

  16. Estradiol replacement enhances fear memory formation, impairs extinction and reduces COMT expression levels in the hippocampus of ovariectomized female mice.

    Science.gov (United States)

    McDermott, Carmel M; Liu, Dan; Ade, Catherine; Schrader, Laura A

    2015-02-01

    Females experience depression, posttraumatic stress disorder (PTSD), and anxiety disorders at approximately twice the rate of males, but the mechanisms underlying this difference remain undefined. The effect of sex hormones on neural substrates presents a possible mechanism. We investigated the effect of ovariectomy at two ages, before puberty and in adulthood, and 17β-estradiol (E2) replacement administered chronically in drinking water on anxiety level, fear memory formation, and extinction. Based on previous studies, we hypothesized that estradiol replacement would impair fear memory formation and enhance extinction rate. Females, age 4 weeks and 10 weeks, were divided randomly into 4 groups; sham surgery, OVX, OVX+low E2 (200nM), and OVX+high E2 (1000nM). Chronic treatment with high levels of E2 significantly increased anxiety levels measured in the elevated plus maze. In both age groups, high levels of E2 significantly increased contextual fear memory but had no effect on cued fear memory. In addition, high E2 decreased the rate of extinction in both ages. Finally, catechol-O-methyltransferase (COMT) is important for regulation of catecholamine levels, which play a role in fear memory formation and extinction. COMT expression in the hippocampus was significantly reduced by high E2 replacement, implying increased catecholamine levels in the hippocampus of high E2 mice. These results suggest that estradiol enhanced fear memory formation, and inhibited fear memory extinction, possibly stabilizing the fear memory in female mice. This study has implications for a neurobiological mechanism for PTSD and anxiety disorders. Copyright © 2014 Elsevier Inc. All rights reserved.

  17. Effects of COMT, DRD2, BDNF, and APOE Genotypic Variation on Treatment Efficacy and Cognitive Side Effects of Electroconvulsive Therapy.

    Science.gov (United States)

    Bousman, Chad A; Katalinic, Natalie; Martin, Donel M; Smith, Deidre J; Ingram, Anna; Dowling, Nathan; Ng, Chee; Loo, Colleen K

    2015-06-01

    The aim of this study was to explore the main and interaction effects of the COMT Val158Met, DRD2 C957T, BDNF Val66Met, and APOE polymorphisms on treatment efficacy and cognitive side effects of electroconvulsive therapy (ECT). A total of 117 adult inpatients with a diagnosis of major depressive disorder recruited from 3 hospitals were administered the Montgomery-Äsberg Depression Rating Scale and a cognitive battery assessing global cognition, anterograde memory, executive function, speed and concentration, as well as retrograde memory at baseline and after ECT treatment. DRD2 C957T heterozygotes had 3.7 (95% confidence interval, 1.13-12.25; P = 0.032) greater odds of remission compared with CC homozygotes. Among the men, COMT Val/Val carriers had greater depressive symptom reduction compared with Met/Met carriers (Montgomery-Äsberg Depression Rating Scale percentage of reduction, 76% vs 35%; P = 0.020) but not among the women (P = 0.903) after ECT. For cognitive outcomes, an interaction effect on anterograde memory was observed between the DRD2 and BDNF polymorphisms (P = 0.016), in which carriers of the DRD2 TT and BDNF Val/Val genotypes had significantly less decline in anterograde performance than those that carried the TC and Met-allele (P = 0.001) or CC and Met-allele (P = 0.003) genotypes. However, no results withstood correction for multiple comparisons. These observations provide preliminary evidence supporting an association between common functional genotypic variation and ECT efficacy as well as anterograde memory side effects after ECT. Validation of these findings is required before firm conclusions can be made and clinical utility can be assessed.

  18. Genetic polymorphisms in CYP1A1, CYP1B1 and COMT genes in Greenlandic Inuit and Europeans.

    Science.gov (United States)

    Ghisari, Mandana; Long, Manhai; Bonefeld-Jørgensen, Eva C

    2013-01-01

    The Indigenous Arctic population is of Asian descent, and their genetic background is different from the Caucasian populations. Relatively little is known about the specific genetic polymorphisms in genes involved in the activation and detoxification mechanisms of environmental contaminants in Inuit and its relation to health risk. The Greenlandic Inuit are highly exposed to legacy persistent organic pollutants (POPs) such as polychlorinated biphenyls (PCBs) and organochlorine pesticides (OCPs), and an elucidation of gene-environment interactions in relation to health risks is needed. The aim of this study was to determine and compare the genotype and allele frequencies of the cytochrome P450 CYP1A1 Ile462Val (rs1048943), CYP1B1 Leu432Val (rs1056836) and catechol-O-methyltransferase COMT Val158Met (rs4680) in Greenlandic Inuit (n=254) and Europeans (n=262) and explore the possible relation between the genotypes and serum levels of POPs. The genotype and allele frequency distributions of the three genetic polymorphisms differed significantly between the Inuit and Europeans. For Inuit, the genotype distribution was more similar to those reported for Asian populations. We observed a significant difference in serum polychlorinated biphenyl (CB-153) and the pesticide 1,1-dichloro-2,2-bis(p-chlorophenyl)-ethylene (p,p'-DDE) levels between Inuit and Europeans, and for Inuit also associations between the POP levels and genotypes for CYP1A1, CYP1B1 and COMT. Our data provide new information on gene polymorphisms in Greenlandic Inuit that might support evaluation of susceptibility to environmental contaminants and warrant further studies.

  19. Terapia oclusiva em ambliopia: fatores prognósticos

    OpenAIRE

    Salata,Ana Carolina Fava; Villaça,Veridiana Toledo Nascimento; Roma,Renato Lopes; Norato,Denise Yvonne Janovitz; Carvalho,Keila Miriam Monteiro de

    2001-01-01

    Objetivos: Ambliopia é o defeito visual mais comum em crianças e por mais de 250 anos a terapia oclusiva vem sendo o melhor tratamento. Sendo assim, propusemo-nos a determinar os fatores que influenciam no sucesso do tratamento da ambliopia por terapia oclusiva em nosso meio. Métodos: Foi realizado um estudo retrospectivo com 169 crianças amblíopes atendidas no Ambulatório de Ambliopia do Hospital de Clínicas da UNICAMP, Campinas (SP), entre janeiro de 1996 e maio de 1998. A população atendid...

  20. Fatores associados ao excesso de peso entre mulheres

    OpenAIRE

    Lopes,Aline Cristine Souza; Reyes,Alessandra Nunes Lima; Menezes,Mariana Carvalho de; Santos,Luana Caroline dos; César,Cibele Comini

    2012-01-01

    Objetivou-se caracterizar as usuárias e identificar os fatores associados ao excesso de peso em serviço público de Promoção à Saúde (SPS). Estudo transversal com todas as mulheres de SPS, denominado Academia da Cidade. Utilizaram-se variáveis antropométricas, consumo e hábitos alimentares, e relato de morbidades. Realizou-se análise descritiva e regressão linear múltipla (p

  1. Fatores determinantes do crescimento infantil Determinant factors of infant growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sylvia de Azevedo Mello Romani

    2004-03-01

    Full Text Available Esta revisão enfoca os fatores que interferem no crescimento de crianças nos primeiros anos de vida. Foram utilizadas informações de artigos publicados em revistas científicas, teses e publicações de organizações internacionais. O crescimento infantil se constitui em um dos melhores indicadores de saúde da criança e o retardo estatural representa atualmente, a característica antropométrica mais representativa do quadro epidemiológico da desnutrição no Brasil. Ressaltando a importância do fator genético no crescimento, a revisão abrange com maior ênfase a atuação dos fatores extrínsecos, sabendo-se que o processo de crescimento resulta da interação entre a carga genética e os fatores do meio ambiente, os quais premitirão a maior ou menor expressão do potencial genético. Face a comprovada natureza multicausal do crescimento infantil, vários estudos têm sido desenvolvidos, buscando relacionar variáveis biológicas, socioeconômicas, maternas, ambientais, culturais, demográficas, nutricionais, entre outras, com a sua etiologia, seu desenvolvimento e sua manutenção. A revisão apresentada reforça o interesse em investigações sobre o crescimento na primeira infância que devem ser permanentes, devido, principalmente, às repercussões a longo prazo sobre a saúde infantil.This review focuses on factors interfering with growth during the first years of life. Information was collected from articles published in indexed scientific journals, theses, technical books and publications of international organizations. Infant growth is one of the best health indicators, and linear growth retardation is currently the most representative anthropometric characteristic of child nutrition epidemiology in Brazil. The review indicates the value of genetics in growth, focusing, however on the influence of the extrinsic factors. Growth process results from interaction between genetic and environmental factors, determining variation

  2. Sintomas e fatores de risco para asma entre escolares piauienses

    OpenAIRE

    Castro, Gessianne Carvalho; Sousa, Lívia Kênia de Carvalho; Vera, Paula Valentina de Sousa; Lima, Luisa Helena de Oliveira; Oliveira, Edina Araújo Rodrigues; Lima, Rúbia Fernanda Santos; Magalhães, Luis Fernando Beserra; Araújo, Nileide Lima; Lopes, Marcos Venícios de Oliveira

    2012-01-01

    OBJETIVOS: Analisar a prevalência de sintomas de asma entre escolares de seis a sete anos do município de Picos-PI; e identificar fatores de risco associados à doença. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com crianças de 6 e 7 anos de Picos em novembro de 2010 a maio de 2011. Para coletar os dados, foi utilizado um formulário adaptado do Internacional Study of Asthma and Allergies in Childhood. Os dados foram analisados com base na estatística descritiva e analítica. RESULTADOS: Dentre as 23...

  3. O papel do fator nuclear eritróide 2 relacionado ao fator 2 (Nrf2 no diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriela Fernandes Hahn

    2017-09-01

    Full Text Available O diabetes mellitus (DM é uma doença metabólica complexa. Sua etiologia é atribuída a uma combinação entre fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida. Contudo, sabe-se que o estresse oxidativo desempenha papel crucial na patogênese do DM, acarretando em disfunção das células β pancreáticas e resistência à insulina. Neste contexto, o fator nuclear eritroide 2 relacionado ao fator 2 (Nrf2 é considerado o regulador mestre da resposta antioxidante do organismo, sendo um mecanismo de importância crítica para a manutenção da homeostase e sobrevivência celular. Todavia, a função do Nrf2 não se limita somente à resposta antioxidante. Ao interagir com outras vias metabólicas, o Nrf2 possui importante papel na regulação do metabolismo, atuando no metabolismo dos lipídios, manutenção da glicemia, resposta inflamatória, entre outros. Entretanto, a exata relação do Nrf2 com outras vias metabólicas ainda não é totalmente conhecida. Contudo, sabe-se que o comprometimento da função do Nrf2 é evidente na fisiopatologia do DM bem como no desenvolvimento de suas complicações clínicas. A ativação do Nrf2 protege contra os danos mediados pelo DM, podendo ser adequada uma intervenção exógena para aumentar a sua atividade. Palavras-chave: Complicações do diabetes; estresse oxidativo; antioxidantes; inflamação; obesidade

  4. The catechol-O-methyltransferase (COMT) Val158Met genotype modulates working memory-related dorsolateral prefrontal response and performance in bipolar disorder

    DEFF Research Database (Denmark)

    Miskowiak, K. W.; Kjærstad, H. L.; Støttrup, M. M.

    2017-01-01

    prefrontal cortex (dlPFC) (P=.016). Exploratory whole-brain analysis revealed a bilateral decrease in working memory-related dlPFC activity in the ValVal group vs the ValMet group which was not associated with differences in working memory performance during fMRI. Outside the MRI scanner, Val carriers...... performed worse in the CANTAB Spatial Working Memory task than Met homozygotes (P≤.006), with deficits being most pronounced in Val homozygotes. CONCLUSIONS: The association between Val allelic load, dlPFC activity and WM impairment points to a putative role of aberrant PFC dopamine tonus in the cognitive......-O-methyltransferase (COMT) gene is associated with reduced prefrontal cortex dopamine and exaggerated working memory-related prefrontal activity. This functional magnetic resonance imaging (fMRI) study investigated for the first time whether the COMT Val158Met genotype modulates prefrontal activity during spatial working...

  5. Association of COMT and PRODH gene variants with intelligence quotient (IQ) and executive functions in 22q11.2DS subjects.

    Science.gov (United States)

    Carmel, Miri; Zarchi, Omer; Michaelovsky, Elena; Frisch, Amos; Patya, Miriam; Green, Tamar; Gothelf, Doron; Weizman, Abraham

    2014-09-01

    The 22q11.2 deletion syndrome (22q11.2DS) carries the highest genetic risk factor for the development of schizophrenia. We investigated the association of genetic variants in two schizophrenia candidate genes with executive function (EF) and IQ in 22q11.2DS individuals. Ninety two individuals with 22q11.2 deletion were studied for the genetic association between COMT and PRODH variants and EF and IQ. Subjects were divided into children (under 12 years old), adolescents (between 12 and 18 years old) and adults (older than 18 years), and genotyped for the COMT Val158Met (rs4680) and PRODH Arg185Trp (rs4819756) polymorphisms. The participants underwent psychiatric evaluation and EF assessment. Our main finding is a significant influence of the COMT Val158Met polymorphism on both IQ and EF performance. Specifically, 22q11.2DS subjects with Met allele displayed higher IQ scores in all age groups compared to Val carriers, reaching significance in both adolescents and adults. The Met allele carriers performed better than Val carriers in EF tasks, being statistically significant in the adult group. PRODH Arg185Trp variant did not affect IQ or EF in our 22q11.2DS cohort. In conclusion, functional COMT variant, but not PRODH, affects IQ and EF in 22q11.2DS subjects during neurodevelopment with a maximal effect at adulthood. Future studies should monitor the cognitive performance of the same individuals from childhood to old age. Copyright © 2014 Elsevier Ltd. All rights reserved.

  6. Genetic Predisposition to Poor Opioid Response in Preterm Infants: Impact of KCNJ6 and COMT Polymorphisms on Pain Relief After Endotracheal Intubation.

    Science.gov (United States)

    Elens, Laure; Norman, Elisabeth; Matic, Maja; Rane, Anders; Fellman, Vineta; van Schaik, Ron H N

    2016-08-01

    Single-nucleotide polymorphisms in genes involved in pain control might predispose to exaggerated sensitivity or difference in opioid analgesic effect. The relevance of the KCNJ6 -1250G>A (rs6517442, c.-1787G>A) and the catecholamine-O-methyltransferase (COMT) c.472G>A (rs4680, ValMet) single-nucleotide polymorphisms were studied in preterm infants needing intubation and randomized to a premedication strategy including remifentanil (n = 17) or morphine (n = 17). Pain was scored with Astrid Lindgren and Lund Children's Hospital Pain Assessment Scale every 30 minutes for 6 hours. The pain relief provided by the opioids was compared between the different KCNJ6 and COMT genotypes. Infants homozygous for the KCNJ6 -1250A allele had an increased duration after intubation to achieve a score indicating no pain compared with infants with the A/G or G/G genotypes (182 ± 30, 109 ± 29, and 60 ± 21 minutes, respectively; Logrank = 7.5, P = 0.006). Similarly, the duration was increased in individuals with the COMT Val/Val alleles compared with Val/Met and Met/Met (285 ± 37, 137 ± 25, and 63 ± 15 minutes, respectively; Logrank = 14.4, P = 0.0021). Cox proportional hazards analysis confirmed that the variation in both genes was independently associated with susceptibility to respond to therapy. We conclude that the KCNJ6 -1250A and COMT Val alleles are predisposing preterm newborns to diminished opioid-induced pain relief.

  7. The COMT Val158 Met polymorphism as an associated risk factor for Alzheimer disease and mild cognitive impairment in APOE 4 carriers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Borda Sandra

    2009-09-01

    Full Text Available Abstract Background The aim of this study is to examine the influence of the catechol-O-methyltranferase (COMT gene (polymorphism Val158 Met as a risk factor for Alzheimer's disease (AD and mild cognitive impairment of amnesic type (MCI, and its synergistic effect with the apolipoprotein E gene (APOE. A total of 223 MCI patients, 345 AD and 253 healthy controls were analyzed. Clinical criteria and neuropsychological tests were used to establish diagnostic groups. The DNA Bank of the University of the Basque Country (UPV-EHU (Spain determined COMT Val158 Met and APOE genotypes using real time polymerase chain reaction (rtPCR and polymerase chain reaction (PCR, and restriction fragment length polymorphism (RFLPs, respectively. Multinomial logistic regression models were used to determine the risk of AD and MCI. Results Neither COMT alleles nor genotypes were independent risk factors for AD or MCI. The high activity genotypes (GG and AG showed a synergistic effect with APOE ε4 allele, increasing the risk of AD (OR = 5.96, 95%CI 2.74-12.94, p In MCI patients such as synergistic effect was only found between AG and APOE ε4 allele (OR = 3.21 95%CI 1.56-6.63, p = 0.02 and was greater in men (OR = 5.88 95%CI 1.69-20.42, p Conclusion COMT (Val158 Met polymorphism is not an independent risk factor for AD or MCI, but shows a synergistic effect with APOE ε4 allele that proves greater in women with AD.

  8. Family-based association study of the BDNF, COMT and serotonin transporter genes and DSM-IV bipolar-I disorder in children

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Biederman Joseph

    2009-02-01

    Full Text Available Abstract Background Over the past decade pediatric bipolar disorder has gained recognition as a potentially more severe and heritable form of the disorder. In this report we test for association with genes coding brain-derived neurotrophic factor (BDNF, the serotonin transporter (SLC6A4, and catechol-O-methyltransferase (COMT. Methods Bipolar-I affected offspring triads (N = 173 were drawn from 522 individuals with 2 parents in 332 nuclear families recruited for genetic studies of pediatric psychopathology at the Clinical and Research Program in Pediatric Psychopharmacology and Adult ADHD at Massachusetts General Hospital. Results We failed to identify an association with the val66 allele in BDNF (OR = 1.23, p = 0.36, the COMT-l allele (OR = 1.27, p = 0.1, or the HTTLPR short allele (OR = 0.87, p = 0.38. Conclusion Our study suggests that the markers examined thus far in COMT and SLC6A4 are not associated with pediatric bipolar disorder and that if the val66met marker in BDNF is associated with pediatric bipolar disorder the magnitude of the association is much smaller than first reported.

  9. The role of maternal stress during pregnancy, maternal discipline, and child COMT Val158Met genotype in the development of compliance.

    Science.gov (United States)

    Kok, Rianne; Bakermans-Kranenburg, Marian J; van Ijzendoorn, Marinus H; Velders, Fleur P; Linting, Mariëlle; Jaddoe, Vincent W V; Hofman, Albert; Verhulst, Frank C; Tiemeier, Henning

    2013-07-01

    Maternal discipline is an important predictor of child committed compliance. Maternal stress can affect both parenting and child development. In a large population-based cohort study (N = 613) we examined whether maternal discipline mediated the association between maternal stress during pregnancy and child compliance, and whether COMT or DRD4 polymorphisms moderated the association between maternal discipline and child compliance. Family-related and general stress were measured through maternal self-report and genetic material was collected through cord blood sampling at birth. Mother-child dyads were observed at 36 months in disciplinary tasks in which the child was not allowed to touch attractive toys. Maternal discipline and child compliance were observed in two different tasks and independently coded. The association between family stress during pregnancy and child committed compliance was mediated by maternal positive discipline. Children with more COMT Met alleles seemed more susceptible to maternal positive discipline than children with more COMT Val alleles. Copyright © 2012 Wiley Periodicals, Inc.

  10. Fatores de risco da sepse em pacientes queimados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jefferson Lessa S. de Macedo

    Full Text Available OBJETIVO: Os avanços no tratamento de queimados têm reduzido as taxas de mortalidade e melhorado a qualidade de vida das vítimas de queimaduras. Entretanto, a sepse continua sendo um desafio e umas das principais causas de óbito no queimado. O objetivo deste trabalho é investigar, através de um estudo caso-controle, os fatores de risco da sepse em pacientes queimados. MÉTODO: O estudo caso-controle foi conduzido durante 12 meses, compreendendo os pacientes que foram tratados em regime de internação hospitalar na Unidade de Queimados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN, Brasília-DF. RESULTADOS: Quarenta e nove (19,4% pacientes tiveram sepse, de um total de 252 queimados internados na Unidade de Queimados durante o periodo do estudo. Eles tiveram um ou no maximo tres episodios de sepse durante a internacao, totalizando 62 episodios. Vinte e seis (53,1% eram homens e a media de idade foi de 21,9 ± 18,9 anos (variacao de um a 89 anos. A superficie corporal queimada dos pacientes que tiveram sepse variou de sete a 84%, com uma media de 37,7 ± 18,4%, sendo significativamente superior aos controles. As principais bacterias causadoras de sepse foram Staphylococcus aureus (46,5%, Staphylococcus coagulase negativo (20,7%, Acinetobacter baumannii (12,1% e Enterobacter cloacae (12,1%. Trinta (61,2% pacientes tiveram seu primeiro episodio de sepse na primeira semana de internacao. Quanto aos fatores de risco para a ocorrencia de sepse, destacam-se os seguintes, conforme seu poder de associacao "odds ratio": o uso de tres ou mais cateteres, a presenca de duas ou mais complicacoes, a superficie corporal queimada > 30%, o agente chama aberta e o sexo feminino. No geral, a taxa de letalidade por sepse foi de 24,5%. CONCLUSÃO: Um melhor conhecimento dos fatores de risco da sepse no paciente queimado permite o tratamento precoce dessa complicação, com antibioticoterapia sistêmica adequada, contribuindo para reduzir a morbidade e a mortalidade

  11. Fatores associados à morte materna em unidade de terapia intensiva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzanne Vieira Saintrain

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar os fatores associados à morte materna em pacientes internadas em unidade de terapia intensiva. Métodos: Estudo do tipo transversal realizado em unidade de terapia intensiva materna. Foram selecionados todos os prontuários de pacientes admitidas no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2014. O critério de inclusão foi todas as pacientes obstétricas e puérperas, e o de exclusão as com diagnóstico de mola hidatiforme, gravidez ectópica e anembrionada, e as internadas por causas não obstétricas. Foi realizada análise comparativa entre os desfechos óbito e alta hospitalar. Resultados: Foram incluídas 373 pacientes, com idade entre 13 a 45 anos. As causas de internação na unidade de terapia intensiva foram síndromes hipertensivas relacionadas à gestação, cardiopatias, insuficiência respiratória e sepse; as complicações foram lesão renal aguda (24,1%, hipotensão (15,5%, hemorragia (10,2% e sepse (6,7%. Ocorreram 28 óbitos (7,5%. As causas de óbito foram choque hemorrágico, falência múltipla de órgãos, insuficiência respiratória e sepse. Os fatores de risco independentes para óbito foram lesão renal aguda (OR = 6,77, hipotensão (OR = 15,08 e insuficiência respiratória (OR = 3,65. Conclusão: A frequência de óbitos foi baixa. Lesão renal aguda, hipotensão e insuficiência respiratória foram os fatores de risco independentes associados à mortalidade materna.

  12. Fatores associados a baixa adesao ao tratamento medicamentoso em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Noemia Urruth Leao Tavares

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar fatores associados à baixa adesão ao tratamento medicamentoso em idosos. MÉTODOS : Estudo transversal de base populacional, com amostra representativa de 1.593 indivíduos com 60 anos ou mais, residentes na região urbana de Bagé, RS, em 2008. A amostragem foi realizada em múltiplos estágios. Os dados foram coletados em entrevistas individuais nos domicílios. Analisou-se a associação entre a baixa adesão referida ao tratamento medicamentoso mensurado pelo Brief Medication Questionnaire (BMQ e fatores demográficos, socioeconômicos, comportamentais e de saúde, assistência e prescrição. Foi utilizado modelo de regressão de Poisson para estimar as razões de prevalência bruta e ajustada, os respectivos intervalos de confiança de 95% e p-valor (teste de Wald. RESULTADOS : Cerca de 78,0% dos indivíduos referiram ter usado algum medicamento nos sete dias precedentes à entrevista. Desses, cerca de 1 / 3 foram considerados com baixa adesão ao tratamento. Os fatores significativamente associados à baixa adesão foram: idade (65 a 74 anos, não ter plano de saúde, ter que comprar (totalmente ou em parte os seus medicamentos, ter três ou mais morbidades, possuir incapacidade instrumental para a vida diária e usar três ou mais medicamentos. CONCLUSÕES : A utilização elevada de medicamentos, decorrente da alta prevalência de doenças crônico-degenerativas em idosos, e o acesso ao tratamento devem ser considerados pelos profissionais de saúde para adoção de estratégias que visem diminuir a baixa adesão ao tratamento, aumentando a resolutividade terapêutica e a qualidade de vida desses pacientes.

  13. Catechol-O-Methyltransferase (COMT) Gene (Val158Met) and Brain-Derived Neurotropic Factor (BDNF) (Val66Met) Genes Polymorphism in Schizophrenia: A Case-Control Study.

    Science.gov (United States)

    Saravani, Ramin; Galavi, Hamid Reza; Lotfian Sargazi, Marzieh

    2017-10-01

    Objective: Several studies have shown that some polymorphisms of genes encoding catechol-O-methyltransferase (COMT), the key enzyme in degrading dopamine, and norepinephrine and the human brain-derived neurotropic factor (BDNF), a nerve growth factor, are strong candidates for risk of schizophrenia (SCZ). In the present study, we aimed at examining the effects of COMT Val158Met (G>A) and BDNF Val66Met (G>A) polymorphisms on SCZ risk in a sample of Iranian population. Method: This case- control study included 92 SCZ patients and 92 healthy controls (HCs). Genotyping of both variants (COMT Val158Met (G>A) and BDNF Val66Met (G>A)) were conducted using Amplification Refractory Mutation System-Polymerase Chain Reaction (ARMS-PCR). Results: The findings revealed that the COMT Val158Met (G>A) polymorphism was not associated with the risk/protective of SCZ in all models (OR=0.630, 95%CI=0.299-1.326, P=0.224, GA vs. GG, OR=1.416, 95%CI=0.719-2.793, P=0.314, AA vs. GG, OR=1.00, 95%CI=0.56-1.79, P=1.00 GA+AA vs. GG, OR=1.667, 95%CI=0.885-3.125, P=0.11, AA vs. GG+GA, OR=1.247, 95%CI=0.825-1.885, P=0.343, A vs. G,). However, BDNF Val66Met (G>A) variant increased the risk of SCZ (OR = 2.008 95%CI = 1.008-4.00, P = 0.047, GA vs. GG, OR = 3.876 95%CI = 1.001-14.925, P = 0.049. AA vs. GG, OR = 2.272. 95%CI = 1.204-4.347, P = 0.011, GA+AA vs. GG, OR = 2.22 95%CI = 1.29-3.82. P = 0.005, A vs. G). Conclusion: The results did not support an association between COMT Val158Met (G>A) variant and risk/protective of SCZ. Moreover, it was found that BDNF Val66Met (G>A) polymorphism may increase the risk of SCZ development. Further studies and different ethnicities are recommended to confirm the findings.

  14. Methanization in Burgundy-Franche-Comte - Figures and benchmarks. Agricultural methanization in Franche-Comte - Reflection guide for projects. Methanization development in Burgundy - Assessment 2014. Biogas sector in Burgundy. Methanization development in Burgundy - How to develop a project in Burgundy

    International Nuclear Information System (INIS)

    Aucordonnier, Bertrand; SIBUE, Lionel; Granger, Sylvie; Pervenchon, Frank; Forgue, Isabelle; Lirzin, Frank; Aucordonnier, Bertand; Abrahamse, Philippe; Dondaine, Regis; Rousseau, Christophe; Fevre, Jean-Michel; Carbonnier, Arnaud; Gontier, Thomas; Lemaire, Sylvie; Gallois, Vincent; Lachaize, M.

    2015-03-01

    A first document proposes graphs, figures and maps which illustrate various aspects of the situation and development of methanization in France and in the Burgundy-Franche-Comte region (number and location of installations, production evolution, biomass origins, biogas valorisation). A second document presents methanization (basic principles, process types, valorisation), describes agricultural methanization (substrate origin, use of final energy, use of digestates) and proposes elements of thought for methanization development regarding waste origin, project definition, various concerns (energy, environment, agriculture), digestate use and quantities, methane use, and installation sizing. A publication then proposes a synthetic overview of methanization development in Burgundy: number of supported projects, installations (evolution of their number, used materials, production), and support activities. The next publication proposes an assessment and an overview of the biogas sector in Burgundy: presentation and recommendations, assessment in terms of jobs, activities and expertise, professional education and training. The last document recalls some elements related to the methanization technique, outlines some important issues (materials, valorisation type for biogas and for digestate) to be addressed for an agricultural methanization project, and evokes benefits of methanization and some economic aspects. It also briefly describes how to start a project in the region

  15. Fatores de risco para pré-eclâmpsia

    OpenAIRE

    Moura da Silva, Genivaldo

    2009-01-01

    A pré-eclâmpsia é uma doença específica da gravidez, de etiologia multifatorial, que acomete 5 a 10% das gestantes, cujos efeitos e complicações são a maior causa de morbimortalidade materno-infantil. A identificação de fatores de riscos é importante para a compreensão da patogênese, estabelecimento de estratégias de prevenção e controle da préeclâmpsia. Recentemente estudos clínicos e laboratoriais apontam para a hipótese de associação entre a periodontite materna e pré-eclâmp...

  16. Fatores associados à asfixia perinatal Factors associated with perinatal asphyxia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo de Almeida Cunha

    2004-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar fatores de risco associados ao índice de Apgar baixo. MÉTODOS: o estudo teve delineamento transversal. A população de estudo foi amostra randômica da população internada em maternidade nível III no ano de 2001. O desfecho foi índice de Apgar baixo, definido como de 1-6 (grupo de estudo comparado a 7-10 (controle no primeiro minuto. A primeira etapa foi avaliar a associação isolada de cada possível fator de risco. A segunda etapa consistiu em análise multivariada com modelagem usando regressão logística (modo passo a passo, reverso. RESULTADOS: houve 39 (14% recém-nascidos (RN deprimidos que foram comparados a 238 (86% não deprimidos. A análise final (multivariada revelou associação do índice de Apgar baixo com os seguintes fatores de risco: antecedente de natimorto (OR=52,6, ameaça de parto prematuro, caracterizada pela existência de contrações uterinas não típicas de trabalho de parto (OR=33,8, baixo peso do RN, inferior a 2.500 g (OR=11,2, antecedente de cesariana (OR=7,4. Funcionaram como fatores de proteção o peso do RN medido em gramas (OR=0,9, sexo feminino do RN (OR=0,1, presença de intercorrência clínica (OR=0,4 e prematuridade, com idade gestacional inferior a 37 semanas (OR=0,1 CONCLUSÃO: o estudo do resultado pode auxiliar na identificação de fetos com risco de asfixia, possibilitando seu encaminhamento dentro do sistema de saúde, bem como o planejamento da assistência em unidades terciárias.PURPOSE: to assess risk factors for low Apgar score. METHODS: this was a cross-sectional study preformed in a random sample of patients admitted to a level III maternity hospital in 2001. The outcome was low Apgar score defined as an Apgar score 1-6 (study group versus Apgar score 7-10 (control group in the first minute of life. The first step was the evaluation of the association of each possible risk factor with low Apgar score. The second step was multivariate analysis with the backward

  17. Ecocardiograma e fatores de risco cardiovascular em obesos graves

    OpenAIRE

    Elaine Gonçalves Moreira Rocha, Isaura

    2003-01-01

    Introducão: Alterações em parâmetros hemodinâmicos e na função cardíaca ocorrem na obesidade grave, em associação a outros fatores de risco cardiovascular, como dislipidemia, hipertensão arterial e diabete melito. Material e métodos: Foi descrito o perfil clínico, metabólico, ecocardiográfico e o risco de doença cardiovascular, avaliado através do escore de Framingham, em 32 obesos graves candidatos à gastroplastia, no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, entre jane...

  18. Fatores de risco cardiovascular em alcoolistas em tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayla Cardoso Fernandes Toffolo

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a presença de fatores de risco cardiovascular, com ênfase na hipertensão e na adiposidade corporal, em alcoolistas abstinentes ou não abstinentes em tratamento. MÉTODO: Trata-se de um estudo transversal com 65 pacientes alcoolistas em tratamento no CAP-Sad. O grau de dependência do álcool foi avaliado pelo SADD (Short Alcohol Dependence Data e o uso de outras drogas, pelo ASSIST (Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test. Foram avaliados o perfil bioquímico e o antropométrico dos usuários. RESULTADOS: Participaram do estudo 42 homens e 23 mulheres. A maioria dos participantes (67,74% apresentou dependência alcoólica grave, com uso de álcool associado principalmente a cigarro (66,15%. A média da circunferência da cintura (CC foi significativamente maior entre os abstinentes, em comparação aos não abstinentes (AB: 88,15 ± 15,95 x NA: 81,04 ± 9,86; p = 0,03. Pacientes abstinentes há mais tempo tiveram maior sobrepeso/obesidade e adiposidade abdominal (CC do que os não abstinentes e abstinentes recentes, com razão de chances de 5,25. Os abstinentes apresentaram razão de chances de 3,38 para %GC acima da média, independente do tempo de abstinência. CONCLUSÃO: Pacientes alcoolistas abstinentes apresentam mais sobrepeso/ obesidade, adiposidade corporal (%GC e abdominal (CC do que os não abstinentes. É importante o acompanhamento multiprofissional no tratamento de alcoolistas com abordagem para fatores de risco cardiovasculares, principalmente evitando o ganho de peso.

  19. Fertilidade de gemas em videiras: fisiologia e fatores envolvidos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renato Vasconcelos Botelho

    2006-04-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo descrever a fisiologia da formação das gemas férteis em videiras, assim como discutir os fatores envolvidos neste processo. A formação das inflorescências em videiras se inicia no ciclo anterior à sua antese, durante o desenvolvimento das gemas latentes, sendo concluída na brotação destas gemas no ciclo seguinte. Didaticamente, este processo pode ser dividido em três principais etapas: 1 Formação do primórdio indiferenciado; 2 Diferenciação em primórdio de inflorescência; e 3 Diferenciação e formação das flores. Os primórdios indiferenciados, protuberâncias do tecido meristemático formados no interior da gema, podem dar origem a inflorescências, gavinhas ou brotações, dependendo de diversos fatores, tais como: balanço hormonal, característica varietal, vigor dos ramos, temperatura, intensidade luminosa, disponibilidade de água, nutrição mineral e práticas culturais. Do ponto de vista agronômico, concluí-se que o manejo de um vinhedo não deve visar estritamente a produção do ciclo corrente, mas também a formação das gemas para o ciclo seguinte, pois esta é a primeira condição para a obtenção de alta produtividade em videiras.

  20. Revolutionising landscapes: Hydroelectricity and the heavy industrialisation of society and environment in the Comte de Beauharnois, 1927--1948

    Science.gov (United States)

    Pelletier, Louis-Raphael

    This dissertation analyses the rapid industrialisation of the rural Comte de Beauharnois and the adjacent stretch of the Fleuve Saint-Laurent owing to the construction, between 1929 and 1948, of a gigantic canal for hydroelectricity production and navigation by an electricity corporation called the Beauharnois Light Heat and Power (BLH&P). Using principally the archives of the BLH&P---especially its complaints files and its rich photographic record---this thesis argues that this process exemplifies the finance capitalist reorganisation of the society and ecosystems of the Canadian province of Quebec from the 19th century to the Great Depression. In keeping with recent work in environmental history, the transformation of rural landscapes and a river for heavy industry is described as an important dimension of a revolution in modes of production. More specifically, I argue that, in the case under study, the finance-capitalist reorganisation of Quebec revolved around two central and explicit projects, one social and the other environmental: the grouping of most individuals in an industrial working class without control over the means of production and the reorganisation of rural landscapes into reservoirs of modern energy and industrial natural resources.

  1. Estudo da articulação temporomandibular em camundongos deficientes de fator VIII

    OpenAIRE

    Patricia do Socorro Queiroz Feio

    2010-01-01

    Resumo: A hemofilia é uma doença hemorrágica hereditária ligada ao cromossomo X, decorrente da ausência ou da baixa quantidade no plasma dos fatores de coagulação Fator VIII (hemofilia A) ou do Fator IX (hemofilia B). Clinicamente, a hemofilia se caracteriza por episódios recorrentes de sangramentos profundos, que podem ocorrer espontaneamente ou em decorrência de traumatismos. O sistema músculo-esquelético é freqüentemente afetado pelos eventos hemorrágicos nos pacientes portadores de hemofi...

  2. Fatores associados as dificuldades de adultos na mastigacao

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela de Rossi Figueiredo

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO : Estimar a prevalência de dificuldade de adultos na mastigação, segundo sexo, e analisar os fatores associados. MÉTODOS : Estudo transversal de base populacional com adultos de 20 a 59 anos de idade (n = 2.016, de Florianópolis, SC, em 2009, por meio de amostragem em dois estágios, setores censitários e domicílios. A dificuldade na mastigação foi investigada por meio de pergunta sobre dificuldade de mastigação devida a problemas com os dentes ou dentadura. Analisaram-se os fatores  demográficos, socioeconômicos, utilização dos serviços de saúde para consulta odontológica e condição bucal autorreferida. Foi realizada regressão logística multivariável, estratificada por sexo. RESULTADOS : A taxa de resposta foi de 85,3% (n = 1.720. A prevalência de dificuldade na mastigação foi de 13,0% (IC95% 10,3;15,8 e 18,0% (IC95% 14,6;21,3 em homens e em mulheres, respectivamente. Mulheres e homens com 50 anos ou mais, aqueles com dez dentes naturais ou menos e os que manifestaram dor dentária tiveram mais chance de apresentar dificuldade na mastigação. O efeito conjunto da perda e da dor na dificuldade na mastigação foi cerca de quatro vezes maior entre as mulheres. CONCLUSÕES : A magnitude das associações entre variáveis socioeconômicas, demográficas e de condição bucal autorreferidas foi diferente para homens e mulheres, em geral maiores para as mulheres, destacando-se a dor dentária. Os resultados sugerem que o impacto das condições bucais varia segundo o sexo.

  3. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Almeida Márcia Furquim de

    1998-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.

  4. The effect of COMT Val158Met and DRD2 C957T polymorphisms on executive function and the impact of early life stress.

    Science.gov (United States)

    Klaus, Kristel; Butler, Kevin; Durrant, Simon J; Ali, Manir; Inglehearn, Chris F; Hodgson, Timothy L; Gutierrez, Humberto; Pennington, Kyla

    2017-05-01

    Previous research has indicated that variation in genes encoding catechol-O-methyltransferase ( COMT ) and dopamine receptor D2 ( DRD2 ) may influence cognitive function and that this may confer vulnerability to the development of mental health disorders such as schizophrenia. However, increasing evidence suggests environmental factors such as early life stress may interact with genetic variants in affecting these cognitive outcomes. This study investigated the effect of COMT Val158Met and DRD2 C957T polymorphisms on executive function and the impact of early life stress in healthy adults. One hundred and twenty-two healthy adult males (mean age 35.2 years, range 21-63) were enrolled in the study. Cognitive function was assessed using Cambridge Neuropsychological Test Automated Battery and early life stress was assessed using the Childhood Traumatic Events Scale (Pennebaker & Susman, 1988). DRD2 C957T was significantly associated with executive function, with CC homozygotes having significantly reduced performance in spatial working memory and spatial planning. A significant genotype-trauma interaction was found in Rapid Visual Information Processing test, a measure of sustained attention, with CC carriers who had experienced early life stress exhibiting impaired performance compared to the CC carriers without early life stressful experiences. There were no significant findings for COMT Val158Met . This study supports previous findings that DRD2 C957T significantly affects performance on executive function related tasks in healthy individuals and shows for the first time that some of these effects may be mediated through the impact of childhood traumatic events. Future work should aim to clarify further the effect of stress on neuronal systems that are known to be vulnerable in mental health disorders and more specifically what the impact of this might be on cognitive function.

  5. Imaging oxytocin x dopamine interactions: An epistasis effect of CD38 and COMT gene variants influences the impact of oxytocin on amygdala activation to social stimuli

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carina eSauer

    2013-04-01

    Full Text Available Although oxytocin (OT has become a major target for the investigation of positive social processes, it can be assumed that it exerts its effects in concert with other neurotransmitters. One candidate for such an interaction is dopamine (DA. For both systems, genetic variants have been identified that influence the availability of the particular substance. A variant of the gene coding for the transmembrane protein CD38 (rs3796863, which is engaged in OT secretion, has been associated with OT plasma level. The common catechol-O-methyltransferase (COMT val158met polymorphism is known to influence COMT activity and therefore the degradation of DA. The present study aimed to investigate OTxDA interactions in the context of an OT challenge study. Hence, we tested the influence of the above mentioned genetic variants and their interaction on the activation of different brain regions (amygdala, VTA, ventral striatum and fusiform gyrus during the presentation of social stimuli. In a pharmacological cross-over design 55 participants were investigated under OT and placebo (PLA by means of fMRI.Brain imaging results revealed no significant effects for VTA or ventral striatum. Regarding the fusiform gyrus, we could not find any effects apart from those already described in (Sauer et al., 2012. Analyses of amygdala activation resulted in no gene main effect, no gene x substance interaction but a significant gene x gene x substance interaction. While under PLA the effect of CD38 on bilateral amygdala activation to social stimuli was modulated by the COMT genotype, no such epistasis effect was found under OT. Our results provide evidence for an OTxDA interaction during responses to social stimuli. We postulate that the effect of central OT secretion on amygdala response is modulated by the availability of DA. Therefore, for an understanding of the effect of social hormones on social behavior, interactions of OT with other transmitter systems have to be taken

  6. Fatores associados com a qualidade de vida de homens idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Darlene Mara dos Santos Tavares

    2013-06-01

    Full Text Available Inquérito domiciliário, transversal e analítico que objetivou descrever as características sociodemográficas, de saúde e a qualidade de vida de homens idosos e verificar os fatores socioeconômicos e de saúde associados à qualidade de vida. Participaram 804 homens idosos. Os dados foram coletados pelos instrumentos: Older Americans Resources and Services(OARS, World Health Organization Quality of Life - Bref (WHOQOL-BREF e Health Organization Quality of Life Assessment for Older Adults(WHOQOL-OLD. Foram realizados análise descritiva, teste t-Student, correlação de Pearson e regressão linear múltipla (p <0,05. Predominaram idosos com 60├ 70 anos, casados, 4├ 8 anos de estudo e renda de um salário mínimo. Os menores escores de qualidade de vida foram no domínio físico e na faceta autonomia e estiveram associados a ausência de companheira e de escolaridade, baixa renda, maior número de morbidades e incapacidade funcional. A incapacidade funcional foi o que mais influenciou a qualidade de vida, excetuando-se o domínio físico e a faceta intimidade.

  7. Pre-travel consultation: evaluation of primary care physician practice in the Franche-Comté region.

    Science.gov (United States)

    Piotte, Emeline; Bellanger, Anne-Pauline; Piton, Gaël; Millon, Laurence; Marguet, Philippe

    2013-01-01

    Primary care physicians (PCP) are first in line to provide adequate pre-travel medical advice. Little data are available on the content of pre-travel PCP consultations in France. We undertook an observational survey to assess the level of specific knowledge among PCPs on health advice, vaccinations, and malaria prophylaxis. Standardized questionnaires were sent to a random sample of 400 PCPs practicing in the Franche-Comté regions (eastern France) who were asked to complete and return it on a voluntary and anonymous basis. The questionnaire requested sociodemographic details, practice-related characteristics, and proposed three clinical situations with multiple choice questions (MCQ). To identify factors associated with a higher level of specific knowledge in travel medicine, results were studied by uni- and multivariate analyses. An overall score was calculated based on the MCQ answers and a motivation score was calculated based on parameters such as frequency and developments in pre-travel consulting at the practice, PCPs' personal experience as travelers, and the formal agreement of PCPs to administer yellow fever vaccination. The response rate was 37.5%, with 150 questionnaires returned completed and suitable for analysis. After multivariate logistic regression, the three variables associated with a higher score were: proximity of a vaccination center (p = 0.001), motivation score (p = 0.004), and absence of request for expert advice on malaria prophylaxis (p = 0.007). PCPs play an important role in travel medicine. This study showed that their high level of knowledge in travel medicine was mostly linked to their motivation to practice in this specialized discipline. © 2013 International Society of Travel Medicine.

  8. Psychophysiological traits of men with several genotypes in polymorphic locus Val158Met COMT and different levels of aggressiveness

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pavel N. Ermakov

    2018-03-01

    Full Text Available Background. The catechol-O-methyl transferase gene influences the reuptake of monoamines (dopamine, serotonin, noradrenaline from the synaptic space. The structural peculiarities of this gene are linked with the duration of stay of neurotransmitters in the synaptic gap and the emergence and duration of emotional reactions, which may considerably affect a person’s level of aggressiveness; these peculiarities may manifest as psychophysiological characteristics. Objective and design. This study investigated the amplitude, spatio-temporal traits and sources of evoked brain activity in men with several genotypes in the polymorphic locus Val158Met in the COMT (Catechol-O-methyl transferase gene, levels of aggressiveness using the Buss-Darkee inventory, proneness to various types of deviant and addictive behaviors in accordance with the methods of A.N. Oryol and the preferred strategies of behavior during conflict in accordance with the methods of Kenneth Thomas. Statistical processing of psychodiagnostic data included dispersive (ANOVA and discriminative analyses. Results. This study found significant differences in the parameters of evoked brain activity components in responses to emotionally charged stimuli (“aggression”, “positive”, “tolerance”, “extremism, terrorism” compared with neutral images. Student’s t-test (Holms- corrected for multiple comparisons was used to analyze the EEG-VEP data. Conclusion. This study confirmed the hypothesis of differences in spatio-temporal and amplitude parameters of evoked brain potentials in young men exhibiting differing levels of aggressiveness. The sources of evoked brain activity determined using sLORETA (Standardized Low-resolution Brain Electromagnetic Tomography were different between carriers of different genotypes.

  9. Dopamine and the Creative Mind: Individual Differences in Creativity Are Predicted by Interactions between Dopamine Genes DAT and COMT.

    Science.gov (United States)

    Zabelina, Darya L; Colzato, Lorenza; Beeman, Mark; Hommel, Bernhard

    2016-01-01

    The dopaminergic (DA) system may be involved in creativity, however results of past studies are mixed. We attempted to clarify this putative relation by considering the mediofrontal and the nigrostriatal DA pathways, uniquely and in combination, and their contribution to two different measures of creativity--an abbreviated version of the Torrance Test of Creative Thinking, assessing divergent thinking, and a real-world creative achievement index. We found that creativity can be predicted from interactions between genetic polymorphisms related to frontal (COMT) and striatal (DAT) DA pathways. Importantly, the Torrance test and the real-world creative achievement index related to different genetic patterns, suggesting that these two measures tap into different aspects of creativity, and depend on distinct, but interacting, DA sub-systems. Specifically, we report that successful performance on the Torrance test is linked with dopaminergic polymorphisms associated with good cognitive flexibility and medium top-down control, or with weak cognitive flexibility and strong top-down control. The latter is particularly true for the originality factor of divergent thinking. High real-world creative achievement, on the other hand, as assessed by the Creative Achievement Questionnaire, is linked with dopaminergic polymorphisms associated with weak cognitive flexibility and weak top-down control. Taken altogether, our findings support the idea that human creativity relies on dopamine, and on the interaction between frontal and striatal dopaminergic pathways in particular. This interaction may help clarify some apparent inconsistencies in the prior literature, especially if the genes and/or creativity measures were analyzed separately.

  10. Fatores protetores de adolescentes contra o uso de drogas com ênfase na religiosidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sanchez Zila Van der Meer

    2004-01-01

    Full Text Available Embora muitos estudos tenham retratado os fatores de risco ao uso de drogas, não tem sido dada a devida importância aos fatores de proteção, fundamentais para prevenção. Como o baixo nível socioeconômico é considerado fator de risco, o objetivo deste estudo foi identificar, entre adolescentes de baixo poder aquisitivo, quais seriam os fatores que pudessem preveni-los do consumo de drogas. Para essa investigação, adotou-se metodologia qualitativa e amostra intencional selecionada por critérios. Sessenta e dois jovens, usuários e não-usuários de drogas, foram submetidos à entrevista semi-estruturada. Entre os fatores protetores, a estrutura familiar e a religiosidade foram os mais freqüentemente citados. Quanto à religiosidade, foram observados os seguintes resultados: 81% dos não-usuários acreditam e praticam uma religião; entre os usuários, apenas 13% encontram-se nessa condição, atribuindo à prática religiosa um meio de abandono às drogas. Conclui-se que a religião pode ser um fator protetor relevante na amostra estudada, atuando como apoio na estruturação familiar e como importante fonte de informações.

  11. Fatores protetores de adolescentes contra o uso de drogas com ênfase na religiosidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Zila Van der Meer Sanchez

    Full Text Available Embora muitos estudos tenham retratado os fatores de risco ao uso de drogas, não tem sido dada a devida importância aos fatores de proteção, fundamentais para prevenção. Como o baixo nível socioeconômico é considerado fator de risco, o objetivo deste estudo foi identificar, entre adolescentes de baixo poder aquisitivo, quais seriam os fatores que pudessem preveni-los do consumo de drogas. Para essa investigação, adotou-se metodologia qualitativa e amostra intencional selecionada por critérios. Sessenta e dois jovens, usuários e não-usuários de drogas, foram submetidos à entrevista semi-estruturada. Entre os fatores protetores, a estrutura familiar e a religiosidade foram os mais freqüentemente citados. Quanto à religiosidade, foram observados os seguintes resultados: 81% dos não-usuários acreditam e praticam uma religião; entre os usuários, apenas 13% encontram-se nessa condição, atribuindo à prática religiosa um meio de abandono às drogas. Conclui-se que a religião pode ser um fator protetor relevante na amostra estudada, atuando como apoio na estruturação familiar e como importante fonte de informações.

  12. Qualidade da dieta de adolescentes e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Loiva Lide Wendpap

    2014-01-01

    Full Text Available Analisar a qualidade da dieta de adolescentes pelo Índice de Qualidade da Dieta Revisado (IQD-R e os fatores associados. Foi realizado estudo transversal com 1.326 adolescentes de escolas públicas e privadas. O consumo alimentar foi obtido utilizando-se questionário de frequência alimentar. Utilizou-se razão de prevalência para avaliar a associação entre o IQD-R elevado (≥ percentil 75 e as variáveis independentes. Variáveis com valor de p <0,20 foram incluídas na regressão de Poisson. A média do IQD-R foi de 75,1 pontos (IC95%: 74,8-75,5. Tempo ≤ 2 horas diárias gasto em atividades sedentárias como assistir televisão, usar computador ou games; tempo ≥ 300 minutos por semana de atividade física e excesso de peso dos adolescentes foram associados a maiores pontuações do IQD-R. Estilo de vida saudável foi associado à dieta de melhor qualidade. Destaca-se a importância do incentivo à prática de atividade física, redução do número de horas diárias em atividades sedentárias e intervenção na prática alimentar dos adolescentes.

  13. FDI, licensing, e crescimento da produtividade total de fatores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Flavia Bonzaninit

    2013-03-01

    Full Text Available Neste trabalho analisamos os impactos de dois canais de transferência internacional de tecnologia, investimento direto estrangeiro e licenciamento (FDI e licensing, sobre o crescimento da produtividade total de fatores (TFP numa amostra de 88 países, para o período 1980-2006. Em relação a Pessoa (2008, trazemos aqui três contribuições originais: incluímos na especificação do modelo econométrico uma variável de composição dos fluxos estrangeiros de capital; nossa amostra compreende também países pobres e em desenvolvimento, e não só da OCDE; oferecemos um tratamento do problema de endogeneidade típico em regressões de crescimento tendo como variáveis explicativas medidas do tipo "abertura financeira" dos países.We analyze the impacts of two international technology transfer channels, foreign direct investment (FDI and licensing, on total factor productivity (TFP growth in a sample of 88 countries for the period 1980-2006. Comparing with Pessoa (2008, we bring here three original contributions: we include in the econometric model specification a variable which captures the composition of foreign capital flows; our sample comprises poor and developing countries too, not only OECD's; we offer a treatment for the typical endogeneity problem found in growth regressions which have as explanatory variables measures like countries' "financial openness".

  14. A potyvirus-based gene vector allows producing active human S-COMT and animal GFP, but not human sorcin, in vector-infected plants.

    Science.gov (United States)

    Kelloniemi, Jani; Mäkinen, Kristiina; Valkonen, Jari P T

    2006-05-01

    Potato virus A (PVA), a potyvirus with a (+)ssRNA genome translated to a large polyprotein, was engineered and used as a gene vector for expression of heterologous proteins in plants. Foreign genes including jellyfish GFP (Aequorea victoria) encoding the green fluorescent protein (GFP, 27 kDa) and the genes of human origin (Homo sapiens) encoding a soluble resistance-related calcium-binding protein (sorcin, 22 kDa) and the catechol-O-methyltransferase (S-COMT; 25 kDa) were cloned between the cistrons for the viral replicase and coat protein (CP). The inserts caused no adverse effects on viral infectivity and virulence, and the inserted sequences remained intact in progeny viruses in the systemically infected leaves. The heterologous proteins were released from the viral polyprotein following cleavage by the main viral proteinase, NIa, at engineered proteolytic processing sites flanking the insert. Active GFP, as indicated by green fluorescence, and S-COMT with high levels of enzymatic activity were produced. In contrast, no sorcin was detected despite the expected equimolar amounts of the foreign and viral proteins being expressed as a polyprotein. These data reveal inherent differences between heterologous proteins in their suitability for production in plants.

  15. Lower baseline performance but greater plasticity of working memory for carriers of the val allele of the COMT Val¹⁵⁸Met polymorphism.

    Science.gov (United States)

    Bellander, Martin; Bäckman, Lars; Liu, Tian; Schjeide, Brit-Maren M; Bertram, Lars; Schmiedek, Florian; Lindenberger, Ulman; Lövdén, Martin

    2015-03-01

    Little is known about genetic contributions to individual differences in cognitive plasticity. Given that the neurotransmitter dopamine is critical for cognition and associated with cognitive plasticity, we investigated the effects of 3 polymorphisms of dopamine-related genes (LMX1A, DRD2, COMT) on baseline performance and plasticity of working memory (WM), perceptual speed, and reasoning. One hundred one younger and 103 older adults underwent approximately 100 days of cognitive training, and extensive testing before and after training. We analyzed the baseline and posttest data using latent change score models. For working memory, carriers of the val allele of the COMT polymorphism had lower baseline performance and larger performance gains from training than carriers of the met allele. There was no significant effect of the other genes or on other cognitive domains. We relate this result to available evidence indicating that met carriers perform better than val carriers in WM tasks taxing maintenance, whereas val carriers perform better at updating tasks. We suggest that val carriers may show larger training gains because updating operations carry greater potential for plasticity than maintenance operations. PsycINFO Database Record (c) 2015 APA, all rights reserved.

  16. [Assessment of 10 years of memory consultations in the Franche-Comté: Description and analysis of the RAPID regional database].

    Science.gov (United States)

    Bereau, M; Sylvestre, G; Mauny, F; Puyraveau, M; Baudier, F; Magnin, E; Berger, E; Vandel, P; Galmiche, J; Chopard, G

    2015-09-01

    The aim of this study was to evaluate the impact, on a regional scale (Franche-Comté), of 3 National Alzheimer care plans, particularly concerning the development of the offer of care management by clinicians as well as the panel of diagnoses concerned. Data on sociodemographic, neuropsychological and diagnostic characteristics were retrieved from the RAPID regional database between 1st January 2003 and 31st December 2012. These analyses focused exclusively on patients who had an initial consultation (n=12,017) during the same period. The existence of a previously established health network capable of carrying out governmental health plans has produced an effective interface between regional administrative structures responsible for the implementation of these plans and health professionals responsible for carrying out them out. This network study, the use of a battery of tests and a common software database have enabled the development of patient care management throughout the Franche-Comté region. It also showed the diversification of diagnoses mentioned over the past years as well as changes in clinical practices on how to address the issue of cognitive impairment. Copyright © 2015 Elsevier Masson SAS. All rights reserved.

  17. COMT Val158Met polymorphism influences the susceptibility to framing in decision-making: OFC-amygdala functional connectivity as a mediator.

    Science.gov (United States)

    Gao, Xiaoxue; Gong, Pingyuan; Liu, Jinting; Hu, Jie; Li, Yue; Yu, Hongbo; Gong, Xiaoliang; Xiang, Yang; Jiang, Changjun; Zhou, Xiaolin

    2016-05-01

    Individuals tend to avoid risk in a gain frame, in which options are presented in a positive way, but seek risk in a loss frame, in which the same options are presented negatively. Previous studies suggest that emotional responses play a critical role in this "framing effect." Given that the Met allele of COMT Val158Met polymorphism (rs4680) is associated with the negativity bias during emotional processing, this study investigated whether this polymorphism is associated with individual susceptibility to framing and which brain areas mediate this gene-behavior association. Participants were genotyped, scanned in resting state, and completed a monetary gambling task with options (sure vs risky) presented as potential gains or losses. The Met allele carriers showed a greater framing effect than the Val/Val homozygotes as the former gambled more than the latter in the loss frame. Moreover, the gene-behavior association was mediated by resting-state functional connectivity (RSFC) between orbitofrontal cortex (OFC) and bilateral amygdala. Met allele carriers showed decreased RSFC, thereby demonstrating higher susceptibility to framing than Val allele carriers. These findings demonstrate the involvement of COMT Val158Met polymorphism in the framing effect in decision-making and suggest RSFC between OFC and amygdala as a neural mediator underlying this gene-behavior association. Hum Brain Mapp 37:1880-1892, 2016. © 2016 Wiley Periodicals, Inc. © 2016 Wiley Periodicals, Inc.

  18. Comparison of endothelial progenitor cells in Parkinson's disease patients treated with levodopa and levodopa/COMT inhibitor.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Phil Hyu Lee

    Full Text Available BACKGROUND: Levodopa treatment in Parkinson's disease (PD increases in serum homocysteine levels due to its metabolism via catechol O-methyltransferase. Endothelial progenitor cells (EPCs have the capacity to differentiate into mature endothelial cells and are markers for endothelial functions and cardiovascular risks. Along with traditional vascular risk factors, hyperhomocysteinemia is known to decrease the level of EPCs. In the present study, we hypothesized that that levodopa-induced hyperhomocysteinemia leads to a change in EPC levels. METHODOLOGY/PRINCIPAL FINDINGS: We prospectively enrolled PD patients who had been prescribed either levodopa/carbidopa (PD-L group, n = 28 or levodopa/carbidopa/COMT inhibitor (PD-LC group, n = 25 for more than 1 year. The number of circulating EPCs was measured by flow cytometry using dual staining of anti-CD34 and anti-KDR antibodies. The EPCs were divided into tertiles based on their distributions and a logistic regression analysis was used to estimate independent predictors of the highest tertile of EPCs. The number of endothelial progenitor cells was significantly decreased in PD-L patients (118±99/mL compared with either PD-LC patients (269±258/mL, p = 0.007 or controls (206±204/mL, p = 0.012. The level of homocysteine was significantly increased in PD-L patients (14.9±5.3 µmol/L compared with either PD-LC patients (11.9±3.0 µmol/L, p = 0.028 or controls (11.1±2.5 µmol/L, p = 0.012. The level of homocysteine was negatively correlated with endothelial progenitor cell levels (r = -0.252, p = 0.028 and was an independent predictor of the highest tertile of endothelial progenitor cell levels (OR; 0.749 [95% CI: 0.584-0.961]. CONCLUSIONS/SIGNIFICANCE: These data indicate that a higher consumption of EPC for restoration of endothelial damage may be associated with chronic levodopa treatment in PD patients.

  19. White matter alterations related to attention-deficit hyperactivity disorder and COMT val158met polymorphism: children with valine homozygote attention-deficit hyperactivity disorder have altered white matter connectivity in the right cingulum (cingulate gyrus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kabukcu Basay B

    2016-04-01

    Full Text Available Burge Kabukcu Basay,1 Ahmet Buber,1 Omer Basay,1 Huseyin Alacam,2 Onder Ozturk,1 Serkan Suren,3 Ozlem Izci Ay,4 Cengizhan Acikel,5 Kadir Agladioglu,6 Mehmet Emin Erdal,4 Eyup Sabri Ercan,7 Hasan Herken21Child and Adolescent Psychiatry Department, Pamukkale University Medical Faculty, Denizli, 2Psychiatry Department, Pamukkale University Medical Faculty, Denizli, 3Medical Park Samsun Hospital, Samsun, 4Medical Biology and Genetics Department, Mersin University Medical Faculty, Mersin, 5Biostatistics Department, GATA (GMMA, Ankara, 6Radiology Department, Pamukkale University Medical Faculty, Denizli, 7Child and Adolescent Psychiatry Department, Ege University Medical Faculty, Izmir, TurkeyIntroduction: In this article, the COMT gene val158met polymorphism and attention-deficit hyperactivity disorder (ADHD-related differences in diffusion-tensor-imaging-measured white matter (WM structure in children with ADHD and controls were investigated.Patients and methods: A total of 71 children diagnosed with ADHD and 24 controls aged 8–15 years were recruited. Using diffusion tensor imaging, COMT polymorphism and ADHD-related WM alterations were investigated, and any interaction effect between the COMT polymorphism and ADHD was also examined. The effects of age, sex, and estimated total IQ were controlled by multivariate analysis of covariance (MANCOVA.Results: First, an interaction between the COMT val158met polymorphism and ADHD in the right (R cingulum (cingulate gyrus (CGC was found. According to this, valine (val homozygote ADHD-diagnosed children had significantly lower fractional anisotropy (FA and higher radial diffusivity (RD in the R-CGC than ADHD-diagnosed methionine (met carriers, and val homozygote controls had higher FA and lower RD in the R-CGC than val homozygote ADHD patients. Second, met carriers had higher FA and axial diffusivity in the left (L-uncinate fasciculus and lower RD in the L-posterior corona radiata and L

  20. Fatores associados à preferência por cesareana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Faisal-Cury Alexandre

    2006-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar os fatores relacionados à preferência por cesariana, em gestantes sem intercorrências. MÉTODOS: Estudo transversal com 156 gestantes, de clínica privada na cidade de Osasco, Estado de São Paulo, no período de outubro de 2000 a dezembro de 2001. As gestantes estavam em idade gestacional de 28 semanas ou mais, sem contra-indicação formal para parto vaginal, no momento da entrevista. Foi aplicado questionário sobre informações sociodemográficas, história obstétrica passada e atual. Perguntou-se à gestante questão específica sobre preferência para o parto. Realizou-se teste do qui-quadrado de Pearson e regressão logística para análise multivariada, com nível de significância de 5%. RESULTADOS: Sessenta e sete (42,9% gestantes se diziam pouco motivadas para parto vaginal. Na análise multivariada foram estatisticamente significativas as seguintes variáveis: parto vaginal prévio (p<0,001; ORaj=0,04; IC 95%=0,01-0,12; a renda do marido superior a 750 Reais mensais (p=0,006; ORaj=3,44; IC 95%=1,38-8,33. As mulheres com parto vaginal prévio apresentaram chance 25 vezes menor de optarem por cesariana. O fato de a gestante não ter considerado satisfatória a experiência do parto prévio esteve marginalmente associado ao desfecho (p=0,06; ORaj=0,42; IC 95%=0,16-1,05. CONCLUSÕES: A motivação para parto cesariano está associada a influências como tipo e grau de satisfação com o parto prévio e renda.

  1. Fatores associados à enterocolite necrosante Factors associated with necrotizing enterocolitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Teresa Campos Vieira

    2003-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar as formas de apresentação clínica da enterocolite necrosante neonatal e os fatores associados à doença. MÉTODOS: estudo retrospectivo dos casos de enterocolite necrosante neonatal (ECN (n = 56 ocorridos na UTI Neonatal Lagoa, entre dezembro de 1986 e julho de 1992. O diagnóstico e estadiamento da doença seguiram o critério de Bell modificado. Foram avaliados o diagnóstico e a evolução de todos os casos. Posteriormente, foram selecionados os casos de enterocolite grau II e III (n =44 e comparados com um grupo controle (n = 44, selecionado pelo peso de nascimento (± 250g e época de internação (± 2 semanas. Para a análise estatística, foi considerado significante p OBJECTIVE: to evaluate the features of clinical presentation of neonatal necrotizing enterocolitis and its associated factors. METHODS: retrospective study of the cases of neonatal necrotizing enterocolitis (n = 56 diagnosed at Neonatal Intensive Care Unit Lagoa (NICU, between December 1986 and July 1992. Diagnosis and stages of the disease followed the modified Bell's criteria. Diagnosis and follow-up of all cases were evaluated. The cases of enterocolitis - degrees II and III (n = 44 - were subsequently selected and compared to a case-control group (n = 44, selected according to birthweight ( 250 g and hospitalization period ( 2 weeks. The statistically significant analysis was considered as p < 0.05. RESULTS: out of 2,447 newborns admitted to the NICU, 56 (2.3% presented enterocolitis. Mean weight was 1908.5 g; mean gestational age was 35 weeks and 1 day; mean period for diagnosis was 10.7 days; 51 (91.1% patients were fed before diagnosis; 18 (32.1% needed urgent surgery; nine (16.9% hemocultures were positive; 10 (17.8% patients died. Four clinical standards were observed: fulminant, acute with pneumatosis, insidious and suspect. Comparatively to the case-control group, three factors were significantly associated with enterocolitis: apnea (p = 0

  2. ESTRATÉGIA DO DESENVOLVIMENTO URBANO COMO FATOR DETERMINANTE PARA O DESENVOLVIMENTO INDUSTRIAL SUSTENTÁVEL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rúbia Tânia Welter

    2016-11-01

    Full Text Available Este artigo tem por objetivo identificar a estratégia do desenvolvimento urbano como fator do desenvolvimento industrial sustentável. Para alcançar este objetivo, foi realizada uma pesquisa documental e uma revisão histórico-bibliográfica de uma cidade, neste caso, a cidade de Joinville-SC. Foi realizado, também, um estudo sobre a evolução dos acontecimentos históricos da cidade pesquisada, como forma de estabelecer que estratégias adotadas interferiram neste processo de desenvolvimento. Como resultado, foram identificados os fatores estratégicos inerentes ou determinantes para o desenvolvimento industrial da cidade. Palavras-chave: Desenvolvimento urbano. Desenvolvimento industrial. Fatores estratégicos.

  3. Fatores contribuintes para o sofrimento psíquico em âmbito psiquiátrico para a equipe de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glaudston Silva de Paula

    2012-03-01

    Uma estratégia a ser pensada com o intuito de amenizar os devidos fatores desencadeantes do sofrimento psíquico do profissional é a inclusão da reunião sistematizada da equipe de enfermagem, visto que a mesma não ocorre no âmbito de trabalho o que favorece ao não diálogo entre as partes. Justificam-se as ressalvas dos entrevistados no fim do questionário, apontando os inúmeros conflitos e desgostos ocorridos no cotidiano como a escassez de profissionalismo por parte do colega que o rende no plantão posterior, atrasos injustificáveis bem como a desorganização dos setores. CONCLUSÃO Nota-se que o estresse e o sofrimento psíquico são evidentes no âmbito psiquiátricos, uma vez forjados através dos conflitos interpessoais bem como na insatisfação com a administração da instituição. A educação em saúde, tanto questionada pelos entrevistados assume caráter essencial para a aproximação dos envolvidos, bem como na instrução dos mesmos, uma vez que o cuidado não ficará limitado ao cliente, e sim a todos que participam do processo do cuidado, minimizando o estresse e o sofrimento psíquico dos trabalhadores, ao pensar em estratégias de melhorias nas condições de trabalho gerada, principalmente, pela dificuldade de relacionamento entre os profissionais. REFERÊNCIAS 1. Camarotti H, Teixeira HA. Saúde mental e trabalho: estudo da Regional Norte de Saúde do DF. Rev. de Saúde do Distrito Federal 1996; 7(1: 29-40. 2. Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em Saúde. 9ª Ed. São Paulo: Hucitec, 2006. 3.  Cecagno D . Qualidade de vida e o trabalho sob a ótica do enfermeiro. Cogitare Enferm. 2002; 7(2:54-59. 4. Ceccim RB. Educação permanente: desafio ambicioso e necessário. Interface Comun Saúde Educ. 2005; 9 (18:161-177. 5.Paula GS, Reis JF, Dias LC, Dutra VFD, Braga ALS, Cortez EA. O sofrimento psíquico do profissional de enfermagem da unidade hospitalar. Aquichan. 2010; 10(1: 267-279. 6. Araujo MD, Busnardo EA

  4. Higher FKBP5, COMT, CHRNA5, and CRHR1 allele burdens are associated with PTSD and interact with trauma exposure: implications for neuropsychiatric research and treatment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Boscarino JA

    2012-03-01

    Full Text Available Joseph A Boscarino1,2, Porat M Erlich1,3, Stuart N Hoffman4, Xiaopeng Zhang51Center for Health Research, Geisinger Clinic, Danville, PA, 2Department of Psychiatry, 3Department of Medicine, Temple University School of Medicine, Philadelphia, PA, 4Department of Neurology, 5Department of Anesthesiology, Geisinger Clinic, Danville, PA, USAObjective: The study aim was to assess the cumulative burden of polymorphisms located within four genetic loci previously associated with posttraumatic stress disorder (PTSD among outpatients at risk for PTSD.Methods: Diagnostic interviews were completed and DNA samples collected among 412 pain patients to determine if FKBP5 (rs9470080, COMT (rs4680, CHRNA5 (rs16969968, and CRHR1 (rs110402 single nucleotide polymorphisms were cumulatively associated with increased risk for PTSD.Results: In bivariate analyses, it was found that a count of specific PTSD risk alleles located within FKBP5, COMT, CHRNA5, and CRHR1 genetic loci (allele range = 0–6, mean count = 2.92, standard deviation = 1.36 was associated with lifetime (t [409] = 3.430, P = 0.001 and early onset PTSD (t [409] = 4.239, P = 0.000028. In logistic regression, controlling for demographic factors, personality traits, and trauma exposures, this risk allele count remained associated with both lifetime (odds ratio = 1.49, P = 0.00158 and early onset PTSD (odds ratio = 2.36, P = 0.000093. Interaction effects were also detected, whereby individuals with higher risk allele counts and higher trauma exposures had an increased risk of lifetime PTSD (allele count × high trauma, P = 0.026 and early onset PTSD (allele count × high trauma, P = 0.016 in these logistic regressions. Those with no or few risk alleles appeared resilient to PTSD, regardless of exposure history.Conclusion: A cumulative risk allele count involving four single nucleotide polymorphisms located within the FKBP5, COMT, CHRNA5, and CRHR1 genes are associated with PTSD. Level of trauma exposure

  5. Fatores motivadores do empreendedorismo e as decisões estratégicas de pequenas empresas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Siomara Elias Vicenzi

    2013-04-01

    Full Text Available DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n35p208   O propósito deste trabalho é compreender os fatores motivadores que influenciaram ações empreendedoras estratégicas de pequenos empresários de uma região fronteiriça do sul do Brasil. A pesquisa é descritiva, de natureza quantitativa, do tipo levantamento e realizada por meio de investigação de campo em 100 atividades empreendedoras, de pequeno porte, da região sul do Brasil. Os resultados demonstram as características pessoais dos empreendedores que mais se destacaram; os fatores motivadores nas decisões de produtos, serviços e mercados; os fatores motivadores na decisão em abrir um negócio; os fatores motivadores na decisão de mudança no negócio, bem como as prováveis relações entre fatores motivadores e as mudanças de produtos e mercados. Os fatores que mais contribuíram na decisão, desde a escolha inicial de seus negócios até as modificações de produtos e mercados foram: conhecimento teórico; conhecimento do setor; experiências dos empreendedores; avanços da tecnologia; e a dinâmica do mercado em termos econômicos e sociais.

  6. Forma clínica e fatores de risco associados ao estrabismo na binocularidade visual

    OpenAIRE

    Maria Nice Araujo Moraes Rocha; Aline Sanches; Flávia Fernandes Pessoa; Gladsonda Silva Braz; Larah Pereira Rego; Luíza Jácomo Auad; Pâmela de Castro Araujo Ribeiro

    2016-01-01

    RESUMO Objetivo: Identificar e analisar fatores de risco associados ao estrabismo, dados oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares. Métodos: Estudo prospectivo, descritivo e analítico realizado com 240 pacientes que consultaram pela primeira vez nos ambulatórios de estrabismo. Foram avaliadas a frequência e associação entre estrabismo, dados de exames oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares para identificação dos fatores de risco. Resultados: Observou-se maior prevalê...

  7. Fatores preditivos de infecção no trauma de cólon

    OpenAIRE

    Velho,Átila Varela; Mello,Luiz Fernando; Oliveira Filho,Theonas; Dacanal,Francisco Marques; Ostermann,Raffael A. Brandão

    2000-01-01

    Este trabalho procurou avaliar fatores preditivos de infecção no trauma de cólon e sua validade epidemiológica. Durante 24 meses, 160 pacientes com trauma de cólon foram estudados prospectivamente em um centro de trauma, onde foram analisados possíveis fatores de risco para complicações infecciosas como a idade, o mecanismo de trauma, a topografia da lesão, o Colon Organ Injury Scale (CIS), o Abdominal Trauma Index (ATI), a presença de choque, a técnica cirúrgica empregada, o grau de contamin...

  8. FATORES DE RETENÃÃO E DESLIGAMENTO DE PESSOAS NUMA EMPRESA DE SUPERMERCADOS EM FORTALEZA.

    OpenAIRE

    GalbÃria MourÃo Machado

    2005-01-01

    Essa dissertaÃÃo tem como objetivo a anÃlise dos fatores de retenÃÃo e desligamento de pessoas numa empresa de supermercados em Fortaleza, a partir do conhecimento das causas dos desligamentos de pessoas na empresa, bem como da investigaÃÃo dos fatores de influÃncia na decisÃo das pessoas de permanecerem na empresa. A relevÃncia do estudo deve-se ao aumento da competitividade no setor de supermercados em Fortaleza e pelas novas necessidades exigidas em suas estratÃgias admin...

  9. Fatores influenciadores do processo de compra das consumidoras de moda íntima de Fortaleza

    OpenAIRE

    Façanha, Karine Forte

    2016-01-01

    A compreensão dos fatores influenciadores do comportamento de compra do consumidor é muito importante para o sucesso das empresas, elevando a competência delas para lidar com a intensa concorrência a que estão submetidas. Nesse sentido, este estudo tem por objetivo analisar os fatores que influenciam o comportamento de compra das consumidoras varejistas de lingerie na cidade de Fortaleza e avaliar agrupamentos dessas consumidoras de acordo com as características demográficas. Os influenciador...

  10. Fatores ambientais e endometriose Environmental factors and endometriosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrick Bellelis

    2011-08-01

    Full Text Available A endometriose representa uma afecção ginecológica comum, atingindo de 5%-15% das mulheres no período reprodutivo e até 3%-5% na fase pós-menopausa. Essa doença é definida pelo implante de estroma e/ou epitélio glandular endometrial em localização extrauterina, podendo comprometer diversos locais. Humanos e animais são expostos diariamente a poluentes químicos que têm a capacidade de influenciar negativamente processos fisiológicos e, potencialmente, causar doenças, dentre elas a endometriose. Com esta revisão tivemos por objetivo relacionar a influência dos fatores ambientais e dietéticos na gênese da endometriose. O mecanismo pelo qual a dioxina e seus símiles (TCDD/PCBs atuam na alteração da fisiologia endometrial permanence incerta e é especulativa devido à dificuldade em se avaliar a exposição na vida intraútero, infância e vida adulta e suas reais consequências, além das limitações de sua reprodução in vitro. Devemos entender melhor o mecanismo de ação desses poluentes amibentais não só na saúde reprodutiva, mas na saúde em geral do indivíduo, para se promover estratégias de prevenção que devem incluir não só a educação populacional, mas o estabelecimento de limites de exposição, técnicas menos poluentes e melhor aproveitamento dos nossos recursos naturais.Endometriosis represents a common gynecological condition affecting 5%-15% of childbearing age women and up to 3% 5% of post-menopausal women. This disease is defined by the presence of stromal and/or endometrial glandular epithelium implants in extra-uterine locations possibly compromising several sites. Humans and animals are daily exposed to chemical pollutants that could adversely influence physiological processes and potentially cause diseases, including endometriosis. In this review, the authors aimed at settling the influence of environmental and dietary factors on endometriosis pathogenesis. The mechanism by which dioxin and its

  11. Étude archéométrique du verre du Ve au XIIe siècle en Bourgogne et Franche-Comté

    OpenAIRE

    Pactat, Inès

    2013-01-01

    National audience; Depuis une quinzaine d'années, les recherches archéologiques sur le haut Moyen Âge se sont multipliées en Bourgogne et en Franche-Comté. Nos connaissances sur cette période ne se limitent plus seulement aux données fournies par les contextes funéraires. Plus d'une trentaine de sites d'habitat sont désormais répertoriés dans les deux régions. Le maillage des établissements religieux s'est également densifié avec la mise au jour de plusieurs églises paléochrétiennes et la mis...

  12. COMT Val(158)Met and 5HTTLPR functional loci interact to predict persistence of anxiety across adolescence: results from the Victorian Adolescent Health Cohort Study.

    Science.gov (United States)

    Olsson, C A; Byrnes, G B; Anney, R J L; Collins, V; Hemphill, S A; Williamson, R; Patton, G C

    2007-10-01

    We investigated whether a composite genetic factor, based on the combined actions of catechol-O-methyltransferase (COMT) (Val(158)Met) and serotonin transporter (5HTTLPR) (Long-Short) functional loci, has a greater capacity to predict persistence of anxiety across adolescence than either locus in isolation. Analyses were performed on DNA collected from 962 young Australians participating in an eight-wave longitudinal study of mental health and well-being (Victorian Adolescent Health Cohort Study). When the effects of each locus were examined separately, small dose-response reductions in the odds of reporting persisting generalized (free-floating) anxiety across adolescence were observed for the COMT Met(158) [odds ratio (OR) = 0.85, 95% confidence interval (CI) = 0.76-0.95, P = 0.004] and 5HTTLPR Short alleles (OR = 0.88, CI = 0.79-0.99, P = 0.033). There was no evidence for a dose-response interaction effect between loci. However, there was a double-recessive interaction effect in which the odds of reporting persisting generalized anxiety were more than twofold reduced (OR = 0.45, CI = 0.29-0.70, P anxiety. Exploratory stratified analyses suggested that genetic protection may be more pronounced under conditions of high stress (insecure attachments and sexual abuse), although strata differences did not reach statistical significance. By describing the interaction between genetic loci, it may be possible to describe composite genetic factors that have a more substantial impact on psychosocial development than individual loci alone, and in doing so, enhance understanding of the contribution of constitutional processes in mental health outcomes.

  13. Stressful life events, perceived stress, and 12-month course of geriatric depression: direct effects and moderation by the 5-HTTLPR and COMT Val158Met polymorphisms.

    Science.gov (United States)

    Zannas, Anthony S; McQuoid, Douglas R; Steffens, David C; Chrousos, George P; Taylor, Warren D

    2012-07-01

    Although the relation between stressful life events (SLEs) and risk of major depressive disorder is well established, important questions remain about the effects of stress on the course of geriatric depression. Our objectives were (1) to examine how baseline stress and change in stress is associated with course of geriatric depression and (2) to test whether polymorphisms of serotonin transporter (5-HTTLPR) and catechol-O-methyltransferase (COMT Val158Met) genes moderate this relation. Two-hundred and sixteen depressed subjects aged 60 years or older were categorized by remission status (Montgomery-Asberg depression rating scale≤6) at 6 and 12 months. At 6 months, greater baseline numbers of self-reported negative and total SLEs and greater baseline perceived stress severity were associated with lower odds of remission. At 12 months, only baseline perceived stress predicted remission. When we examined change in stress, 12-month decrease in negative SLEs and level of perceived stress were associated with improved odds of 12-month remission. When genotype data were included, COMT Val158Met genotype did not influence these relations. However, when compared with 5-HTTLPR L/L homozygotes, S allele carriers with greater baseline numbers of negative SLEs and with greater decrease in negative SLEs were more likely to remit at 12 months. This study demonstrates that baseline SLEs and perceived stress severity may influence the 12-month course of geriatric depression. Moreover, changes in these stress measures over time correlate with depression outcomes. 5-HTTLPR S carriers appear to be more susceptible to both the effects of enduring stress and the benefit of interval stress reduction.

  14. Putative therapeutic targets for symptom subtypes of adult ADHD: D4 receptor agonism and COMT inhibition improve attention and response inhibition in a novel translational animal model.

    Science.gov (United States)

    Tomlinson, Anneka; Grayson, Ben; Marsh, Samuel; Hayward, Andrew; Marshall, Kay M; Neill, Joanna C

    2015-04-01

    Prefrontal cortical dopamine plays an important role in cognitive control, specifically in attention and response inhibition; the core deficits in ADHD. We have previously shown that methylphenidate and atomoxetine differentially improve these deficits dependent on baseline performance. The present study extends this work to investigate the effects of putative therapeutic targets in our model. A selective dopamine D4 receptor agonist (A-412997) and the catechol-O-methyl-transferase (COMT) inhibitor; tolcapone, were investigated in the combined subtype of adult ADHD (ADHD-C). Adult female rats were trained to criterion in the 5C-CPT (5-Choice Continuous Performance Task) and then separated into subgroups according to baseline levels of sustained attention, vigilance, and response disinhibition. The subgroups included: high-attentive (HA) and low-attentive with high response disinhibition (ADHD-C). The ADHD-C subgroup was selected to represent the combined subtype of adult ADHD. Effects of tolcapone (3.0, 10.0, 15.0mg/kg) and A-412997 (0.1, 0.3, 1.0µmol/kg) were tested by increasing the variable inter-trial-interval (ITI) duration in the 5C-CPT. Tolcapone (15mg/kg) significantly increased sustained attention, vigilance and response inhibition in ADHD-C animals, and impaired attention in HA animals. A-412997 (1.0µmol/kg) significantly increased vigilance and response inhibition in ADHD-C animals only, with no effect in HA animals. This is the first study to use the translational 5C-CPT to model the adult ADHD-C subtype in rats and to study new targets in this model. Both tolcapone and A-412997 increased vigilance and response inhibition in the ADHD-C subgroup. D4 and COMT are emerging as important potential therapeutic targets in adult ADHD that warrant further investigation. Copyright © 2014 Elsevier B.V. and ECNP. All rights reserved.

  15. Prevalência dos fatores de risco para diabetes mellitus de servidores públicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Campos Muniz Medeiros

    2012-09-01

    Full Text Available Este estudo objetivou verificar a prevalência dos fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 de servidores públicos, e relacionar os fatores de risco segundo as variáveis, sexo e glicemia. Participaram 65 sujeitos, mediante um questionário, e aferiram-se: pressão arterial, peso corporal, altura, índice de massa corpórea, circunferência abdominal e glicemia capilar de jejum. Utilizaram-se análise de variância e qui-quadrado. Os fatores de risco mais prevalentes foram: índice de massa corpórea alterado (66,1%, idade>45 anos (64,6%, circunferência abdominal alterada (61,5% e sedentarismo (61,5%. Observou-se associação entre a pressão arterial e a glicemia capilar de jejum alterada (p=0,01. Os homens apresentaram maior prevalência de glicemia capilar de jejum alterada (p<0,035 e índice de massa corpórea alterado (p<0,007. Conclui-se que os fatores de risco para o diabetes mellitus tipo 2 possuem elevada prevalência na população estudada, refletindo um estilo de vida inadequado para a prevenção desta doença.

  16. A inovação e os fatores organizacionais característicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moises Ari Zilber

    2008-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2008v10n21p76 O objetivo do presente estudo é o de identificar os fatores organizacionais determinantes para que uma empresa possa ser considerada inovadora na indústria de equipamentos Eletro-Médicos. A pesquisa foi feita dentro do enfoque quantitativo, intencionando obter a visão dos próprios fabricantes de equipamentos quanto aos fatores organizacionais característicos que contribuem para o sucesso do processo de inovação. Foram pesquisados 46 fabricantes de equipamentos Eletro-Médicos por meio de uma amostra não probabilística por conveniência. A análise quantitativa com tratamento estatístico multivariado, por meio da análise fatorial, indicou a presença de seis fatores respondendo por 80,6% da variância total, sendo que apenas dois fatores determinantes das organizações pesquisadas, “Liderança e Comprometimento” e “Reconhecimento e Interação” respondem respectivamente por 47% e por 9 % da variância total.

  17. Relações entre afetos positivos e negativos e os cinco fatores de personalidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Paula Porto Noronha

    2015-06-01

    Full Text Available ResumoA presente pesquisa tem como objetivo verificar a existência de associações entre afetos positivos e negativos e os fatores de personalidade, sob a perspectiva do modelo dos Cinco Grandes Fatores. Colaboraram para o desenvolvimento do estudo 529 estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e particulares com idades entre 14 a 27 anos (M = 16,0; DP = 1,48. No que se refere ao sexo 223 (42,2% eram homens e 306 (57,8%, mulheres. Foram aplicadas a Escala de Afetos Zanon (EAZ e a Bateria Fatorial de Personalidade (BFP. Dentre os resultados, a relação entre o fator neuroticismo e os afetos negativos gerou o coeficiente mais forte (r = 0,62. Em relação aos afetos positivos, a maior correlação se deu com o fator extroversão (r = 0,42. Verificou-se que neuroticismo é o melhor preditor dos afetos negativos, enquanto que extroversão dos afetos positivos. Os achados são discutidos à luz da literatura.

  18. Prevalência e fatores associados ao tabagismo em fumicultores do Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nadia Spada Fiori

    2016-01-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo foi descrever a prevalência de tabagismo e fatores associados em fumicultores. Estudo transversal de base populacional, em 2.464 fumicultores, em 2011. Amostra obtida por randomização das notas fiscais emitidas pelos trabalhadores. A análise multivariada em homens avaliou a associação entre tabagismo e variáveis socioeconômicas, comportamentais e ocupacionais; 31,2% dos homens e 3,1% das mulheres eram tabagistas atuais. Entre homens, tabagismo associou-se diretamente à idade, escolaridade, renda, ser bebedor pesado, tempo de trabalho na fumicultura e tempo de exposição a pesticidas. Relação de trabalho foi um fator de risco para tabagismo e participar de atividades religiosas um fator de proteção. Fumicultores homens apresentaram múltiplos comportamentos de risco e uma prevalência de tabagismo maior do que outros agricultores. A naturalização do risco e a herança cultural podem ser fatores comuns a tais comportamentos e sugerem abordagens conjuntas.

  19. Prevalência de fatores de risco coronariano em praticantes de futebol recreacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.H.G. Gomides

    2016-06-01

    Conclusão: Os fatores de risco coronariano mais prevalentes nos praticantes de futebol recreacional foram o excesso de peso, o sedentarismo e a hipercolesterolemia, apresentando classificação de risco médio e crescimento com o aumento da idade, sobretudo após os 31 anos.

  20. Ceratocone: fatores prognósticos Keratoconus: prognosis factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Molina Saraiva Elias

    2005-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar pacientes portadores de ceratocone numa faixa etária menor do que a usual e tentar detectar algum fator que possa influenciar no prognóstico e na evolução da doença. MÉTODOS: Foram analisados pacientes menores de 15 anos, com diagnóstico de ceratocone. Todos se submeteram a um questionário, exame ocular e ceratoscopia computadorizada. Estes pacientes foram divididos em 3 grupos e submetidos a um teste com lente de contato: 1 um grupo em que foi possível a adaptação de lente de contato; 2 um grupo em que foi indicado o transplante penetrante de córnea; 3 um grupo em que foi indicada a correção com óculos. RESULTADOS: Pacientes com acuidade visual de 20/40 ou maior, geralmente não evoluíram para transplante no período estudado. Ao contrário, pacientes com visão de 20/60 ou menor, evoluíram para transplante penetrante mais rapidamente. Ao serem estudados casos em faixa etária menor (10-15 anos, 44% evoluíram para transplante. Observa-se que o ápice corneano tem localização muito variável, o que explica os diferentes níveis de dificuldade na adaptação de lentes de contato. Todos os pacientes com ápice deslocado superiormente e valores maiores que 66 D foram encaminhados para cirurgia, ao passo que olhos com valores menores que 66 D tiveram sucesso na adaptação. Nos olhos com ápice central, a adaptação foi mais fácil. Nos casos de ápice inferior não foi possível determinar um padrão para indicação de cirurgia. Nos olhos adaptados com lente de contato e curvatura menor que 51,10 D houve menos chance de evolução para transplante penetrante de córnea, quando comparados com pacientes de curvatura 57,60 ou maior. CONCLUSÃO: Pacientes com curvaturas maiores que 57,40, acuidade menor que 20/60 e com idade menor de 18 anos tem uma chance maior de evoluir para transplante de córnea. Quando o ápice do ceratocone é central a adaptação de lente de contato fica mais fácil.PURPOSE: To study

  1. Fatores de Risco para Infecção Pós-Craniotomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Palmer Irffi

    2016-10-01

    Full Text Available Justificativa e Objetivos: A infecção pós-craniotomia é um risco real para a recuperação do paciente, com aumento da morbimortalidade e, também, dos custos para o sistema de saúde. Com uma alta incidência de complicações, chegando a até 11%, é importante ter noção dos fatores de risco desse procedimento a fim de melhorar a qualidade do atendimento e da recuperação do paciente. Dessa forma, o objetivo desse artigo é definir o risco de infecção nesse procedimento; indicar a incidência de infecção de sítio cirúrgico e de meningite; apontar os principais fatores de risco; e calcular a taxa de óbito de craniotomia. Métodos: O estudo foi uma coorte retrospectiva em seis hospitais de Belo Horizonte por um período de dez anos. Dados foram colhidos e analisados buscando resultados relacionados à incidência e aos fatores de risco pós-craniotomia. Resultados: As infecções globais têm uma incidência de 8,8%, as infecções de sítio cirúrgico de 5,1% e as meningites de 2,3%. A taxa de letalidade está em 8,3%. Conclusão: Os principais fatores de risco são o escore American Society of Anesthesiologists (ASA > 2 e o uso de próteses; o uso de anestesia geral se mostrou um fator protetor em relação ao desenvolvimento de infecções.

  2. Associação entre fatores epidemiológicos e neoplasias mamárias em cadelas

    OpenAIRE

    Ramos, Carolina Silva [UNESP

    2011-01-01

    Tumor de mama é a neoplasia mais freqüente em cadelas, entretanto, há controvérsias sobre os fatores que influenciam o seu desenvolvimento. Em estudos epidemiológicos destaca-se que os fatores ambientais são responsáveis por, pelo menos, 80% da incidência do câncer de mama em humanos. Com o objetivo de estabelecer fatores ambientais que possam contribuir para o desenvolvimento das neoplasias mamárias em cadelas, foram avaliadas as cadelas que se atendidas no Hospital Veterinário Governador La...

  3. Criatividade no Ensino Fundamental: Fatores Inibidores e Facilitadores segundo Gestores Educacionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eunice M. L. Soriano de Alencar

    Full Text Available Este estudo investigou a percepção de gestores de instituições de ensino fundamental sobre fatores que dificultam o professor promover o desenvolvimento da criatividade discente e procedimentos que poderiam utilizar para apoiar o professor na promoção da criatividade em sala de aula. Participaram 118 gestores de escolas públicas e particulares, os quais responderam a uma checklist de barreiras à criatividade em sala de aula e quatro questões abertas. Fatores inibidores mais apontados foram: desconhecimento pelo professor de práticas pedagógicas que poderiam ser utilizadas para propiciar o desenvolvimento da criatividade dos alunos e falta de entusiasmo pela atividade docente. Orientação, apoio e incentivo ao docente foi o procedimento mais apontado pelos gestores para auxiliar o professor a desenvolver a criatividade de seus alunos.

  4. Síndrome metabólica: identificando fatores de risco

    OpenAIRE

    Lottenberg,Simão Augusto; Glezer,Andrea; Turatti,Luiz Alberto

    2007-01-01

    OBJETIVOS Discutir a síndrome metabólica e a identificação de seus fatores de risco, inclusive na faixa etária pediátrica. FONTES DE DADOS: Artigos de revisão indexados. SÍNTESE DOS DADOS:A síndrome metabólica caracteriza-se pela resistência à insulina e pela presença de fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes melito tipo 2. Não existe ainda um consenso com relação a seus critérios diagnósticos. Na presente revisão, os critérios diagnósticos da Associação Americana de Cardio...

  5. Incapacidade relacionada à dor lombar crônica: prevalência e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina de Góes Salvetti

    2012-10-01

    Full Text Available A incapacidade relacionada à dor lombar crônica (DLC é um fenômeno complexo e multifatorial. O objetivo desse estudo foi identificar a prevalência e os fatores associados à incapacidade em pacientes com dor lombar crônica. Estudo transversal com amostra composta por 177 pacientes com DLC, de três serviços de saúde; que responderam ao formulário com dados demográficos, ao Inventário de Depressão de Beck, às Escalas Oswestry Disability Index, de autoeficácia para dor crônica, Tampa de Cinesiofobia e de Fadiga de Piper. A prevalência de incapacidade foi de 65% (IC95%: 57,5 - 72,0 e era de moderada a grave em 80,7% dos pacientes. O modelo de regressão múltipla identificou três fatores independentemente associados à incapacidade: ausência de trabalho remunerado, autoeficácia baixa e depressão. Os fatores associados à incapacidade identificados são modificáveis. Intervenções como recolocação no trabalho, tratamento para a depressão e reconceitualização da crença de autoeficácia podem ter um impacto importante na prevenção e redução de incapacidade.

  6. Quais fatores influenciam a decisão de compra de imóveis residenciais?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Genival Evangelista de Souza

    2015-02-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo investigar, através de pesquisa de levantamento, quais fatores e atributos influenciam a decisão de compra de imóvel residencial do tipo apartamento na cidade de São Paulo. A revisão buscou elementos para compreensão do processo decisório do consumidor e estudos que se preocuparam em destacar os atributos considerados pelos consumidores. A pesquisa se valeu de uma amostra não probabilística, por conveniência, e envolveu alunos e profissionais das Instituições de Ensino Superior da Avenida Liberdade e Rua Vergueiro, até a estação Paraíso do Metrô, na cidade de São Paulo. Foi realizado um Survey com 683 respondentes e 470 questionários considerados válidos. O instrumento de pesquisa adveio da revisão da literatura que permitiu identificar uma lista de atributos vinculados às seguintes dimensões: apartamento, condomínio e localização. Visando reduzir os atributos a fatores que pudessem refletir a escolhas das pessoas, foi feita uma análise fatorial exploratória, que destacou os fatores: exigências de suporte gerais, necessidades complementares, conforto espacial, suporte ao prédio, aproveitamento da natureza, localização e privacidade.

  7. Fatores emocionais no processo de tomada de decisão de compra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Medeiros, Janine Fleith de

    2010-01-01

    Full Text Available Esse artigo analisa, através de um estudo exploratório de caráter qualitativo, o papel das emoções ao longo das etapas do processo de decisão de compra de imóveis por casais. Para tanto, a partir das contribuições conceituais dos estudos relacionados à teoria cognitiva das emoções, foi elaborado um instrumento de coleta de dados conciliando a abordagem indireta (simulada com a abordagem direta (não simulada. Os resultados foram analisados seguindo-se a metodologia de análise de conteúdo, e revelaram a manifestação dos 07 (sete fatores emocionais pertencentes ao grupo das emoções positivas (encantamento, romantismo, satisfação, alegria, vibração, tranquilidade e surpresa e de 05 (cinco fatores pertencentes ao grupo das emoções negativas (insatisfação, preocupação, vergonha, inveja e surpresa no decorrer das 07 (sete etapas do processo de decisão de compra. Com base nos resultados, identificou-se que os fatores emocionais podem acelerar ou então retardar a realização das etapas do modelo de processo decisório utilizado como referência

  8. Fatores associados à fragilidade em idosos hospitalizados: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlio César Guimarães Freire

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se sintetizar e avaliar a produção do conhecimento sobre os fatores significativamente associados à fragilidade em idosos hospitalizados. Para isso, foram consultadas as bases de dados Medical Literature and Retrieval System Online (Medline, Literatura Latino-Americana em Ciências da Saúde (Lilacs e Índice Bibliográfico Español em Ciencias de la Salud (Ibecs, de 2012 a 2016, cuja análise de 20 artigos identificou fatores associados à fragilidade: maior mortalidade hospitalar e após alta, longa hospitalização, reinternação, transferências, idade avançada, sexo feminino e viuvez, além de fatores psicossociais, físicos e/ou funcionais. Espera-se que os resultados da revisão facilitem o aprimoramento de práticas e a tomada de decisão das equipes multiprofissionais que prestam assistência ao idoso no ambiente hospitalar.

  9. Comentario sobre el libro de Enric Saguer Hom, Gabriel Jover Avellà y Helena Benito Mundet (eds.: Comtes de senyor, comtes de pagès. Les comptabilitats agràries en la historia rural. Associació d'Història Rural de les Comarques Gironines. Centre de Recerca Històrica Rural (Institut de Recerca Històrica de la Universitat de Girona i Documenta Universitaria (Biblioteca d'Història Rural, col·lecció Fonts, 7, Girona, 2013

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gaspar Feliu

    2014-07-01

    Full Text Available Comentario sobre el libro de Enric Saguer Hom, Gabriel Jover Avellà y Helena Benito Mundet (eds.: Comtes de senyor, comtes de pagès. Les comptabilitats agràries en la historia rural. Associació d'Història Rural de les Comarques Gironines. Centre de Recerca Històrica Rural (Institut de Recerca Històrica de la Universitat de Girona i Documenta Universitaria (Biblioteca d'Història Rural, col·lecció Fonts, 7, Girona, 2013

  10. Fatores preditivos de morbidade nas ressecções pancreáticas esquerdas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Athayde Veloso Madureira

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a morbidade pós-operatória e investigar a existência de seus fatores preditivos. MÉTODOS: O estudo foi realizado de forma retrospectiva, a partir de uma base de dados mantida de forma prospectiva. De 1994 a 2008, 100 pacientes consecutivos foram submetidos à ressecções pancreaticas esquerdas. A principal variável de interesse foi a morbidade pós-operatória, tendo diversas outras características da população sido registradas simultaneamente. Posteriormente, para a análise de fatores preditivos de morbidade pós-operatória o subgrupo de pacientes que foi submetido aos procedimentos de pancreatectomia distal com preservação do baço (n=65 foi analisado separadamente quanto à relevância das diferentes técnicas de secção do parênquima pancreático, assim como, outros possíveis fatores preditivos à ocorrência de morbidade pós-operatória. RESULTADOS: Considerando-se juntamente todas as ressecções pancreáticas esquerdas realizadas, a ocorrência de complicações globais, de complicações relevantes e graves foi 55%, 42% e 20%, respectivamente. Os fatores que se mostraram preditivos à ocorrência de morbidade pós-operatória após pancreatectomia distal com preservação do baço foram a técnica de secção do parênquima pancreático, idade, índice de massa corporal e a realização de operação abdominal concomitante. CONCLUSÃO: A morbidade associada às ressecções pancreáticas, à esquerda dos vasos mesentéricos superiores, foi importante. De acordo com a estratificação adotada baseada na gravidade das complicações, alguns fatores preditivos foram identificados. Estudos futuros com coortes maiores de pacientes são necessários para confirmar tais resultados.

  11. [Evaluation of the management of soft tissue sarcomas in Franche-Comté since the establishment of a multidisciplinary meeting at University Hospital. About 47 cases].

    Science.gov (United States)

    Haddad, J; Kalbacher, E; Piccard, M; Aubry, S; Chaigneau, L; Pauchot, J

    2017-02-01

    A multidisciplinary meeting (RCP) dedicated to the treatment of sarcoma was established in Franche-Comte in 2010. The goals of the study are: (a) To evaluate the treatment of sarcomas by confrontation with the existing literature; (b) To evaluate the influence of the multidisciplinary meeting on the management of sarcomas by hospitals at the regional level. This is a retrospective single center study from 2010 to 2015 on patients with sarcoma and peripheral soft tissue drawn from a Netsarc database (National Network of sarcomas) and communicating cancer record. A database Cleanweb especially dedicated is created. Forty-seven patients were included: ten sarcomas at the upper member 26 to the lower limbs, 11 on the trunk. Forty patients were operated on: ten out of the university hospital, 28 at the university hospital and two in a coordinating center. Ninety percent of patients treated at the university hospital were in accordance with the recommandations. None of the patients operated out of the university hospital benefited from medical care in accordance to the recommendations. There is an increase in the number of files sent by the hospitals out of the university hospital discussed in multidisciplinary meeting, before treatment. The creation of a dedicated multidisciplinary meeting sarcoma improves the medical management of these tumors and decreases inappropriate medical managements thanks to a better education of the regional physicians. Copyright © 2016 Elsevier Masson SAS. All rights reserved.

  12. Llenguatge jurídic i llenguatge poètic: les gosadies del comte-bisbe Miró Bonfill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Quetglas, Pere J.

    2015-06-01

    Full Text Available This paper addresses the poetic originality of Miró Bonfill, count of Besalú and bishop of Girona (tenth century, in one of the documents attributed to him: the provision certificate of the church of Sant Pere de Besalú. The analysis of the 27 verses contained in this document shows an evident dependence on poets like Paulinus of Aquileia and Venantius Fortunatus, but it also allows to trace connections with other contemporary and later works. This fact poses new questions on the literary links between Catalonia and Europe in the tenth century.[ct] En aquest treball s’estudia l’originalitat poètica del comte de Besalú i Bisbe de Girona, Miró Bonfill (segle X, en un dels documents que hom li atribueix: l’acta de confirmació de la dotació de l’església de Sant Pere de Besalú. L’anàlisi dels 27 versos identificats en aquest document posen en relleu una clara dependència de Miró Bonfill d’altres poetes com Paulí d’Aquileia o Venanci Fortunat, però també l’existència de relacions amb altres obres, anteriors, contemporànies i posteriors, circumstància que obre nous interrogants sobre les relacions literàries de Catalunya amb Europa al segle X.

  13. No Association of BDNF, COMT, MAOA, SLC6A3, and SLC6A4 Genes and Depressive Symptoms in a Sample of Healthy Colombian Subjects.

    Science.gov (United States)

    González-Giraldo, Yeimy; Camargo, Andrés; López-León, Sandra; Forero, Diego A

    2015-01-01

    Background. Major depressive disorder (MDD) is the second cause of years lived with disability around the world. A large number of studies have been carried out to identify genetic risk factors for MDD and related endophenotypes, mainly in populations of European and Asian descent, with conflicting results. The main aim of the current study was to analyze the possible association of five candidate genes and depressive symptoms in a Colombian sample of healthy subjects. Methods and Materials. The Spanish adaptation of the Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS) was applied to one hundred eighty-eight healthy Colombian subjects. Five functional polymorphisms were genotyped using PCR-based assays: BDNF-Val66Met (rs6265), COMT-Val158Met (rs4680), SLC6A4-HTTLPR (rs4795541), MAOA-uVNTR, and SLC6A3-VNTR (rs28363170). Result. We did not find significant associations with scores of depressive symptoms, derived from the HADS, for any of the five candidate genes (nominal p values >0.05). In addition, we did not find evidence of significant gene-gene interactions. Conclusion. This work is one of the first studies of candidate genes for depressive symptoms in a Latin American sample. Study of additional genetic and epigenetic variants, taking into account other pathophysiological theories, will help to identify novel candidates for MDD in populations around the world.

  14. Fatores Associados ao Aborto Espontâneo Recorrente Recurrent Spontaneous Abortion-associated Factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Barini

    2000-05-01

    Full Text Available Objetivo: identificar fatores mais freqüentemente associados ao aborto espontâneo recorrente. Casuística: no período de março de 1993 a março de 1997, 175 pacientes foram avaliadas no Ambulatório de Aborto Recorrente do CAISM/UNICAMP. Os critérios de seleção foram: história de três ou mais abortos espontâneos consecutivos em pacientes com idade inferior a 35 anos e/ou dois abortos e idade superior a 35 anos. Métodos: o protocolo de investigação incluiu: cariótipo; histerossalpingografia; dosagem seriada de progesterona e/ou biópsia de endométrio; pesquisa sorológica de infecções: toxoplasmose, listeriose, brucelose, sífilis e citomegalovírus e pesquisa para Mycoplasma hominis e Chlamydia trachomatis na secreção cérvico-uterina. A investigação também incluiu dosagem de hormônios tiroideanos e da glicemia de jejum; pesquisa de fator auto-imune por meio de painel de auto-anticorpos; pesquisa de fator aloimune mediante anticorpos contra antígenos leucocitários humanos (anti-HLA, prova cruzada por microlinfocitotoxicidade e cultura mista unidirecional de linfócitos, em que se comparam as respostas maternas diante das células paternas e de um doador não-relacionado para pesquisa de fator inibidor destas respostas no soro materno. O exame dos parceiros incluiu: exame físico geral e especial, sorologias para sífilis, doença de Chagas, hepatite B e C e síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS, além da prova cruzada por microlinfocitotoxicidade e da cultura mista de linfócitos. Resultados: o fator mais freqüentemente encontrado foi o aloimune (86,3% dos casos, representado por prova cruzada negativa e inibição na cultura mista de linfócitos inferior a 50%. O segundo fator mais freqüentemente encontrado foi a incompetência istmo-cervical (22,8%, seguido pelo fator hormonal (21,2%, representado principalmente pela insuficiência lútea. Algumas pacientes apresentavam mais de um fator concomitantemente

  15. Antibioticoterapia ambulatorial como fator de indução da resistência bacteriana: uma abordagem racional para as infecções de vias aéreas Outpatient antibiotic therapy as a predisposing factor for bacterial resistance: a rational approach to airway infections

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiana M. Nascimento-Carvalho

    2006-11-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Apresentar as recomendações baseadas em evidência para uso de antibióticos no tratamento das infecções respiratórias agudas (IRA mais freqüentes e as informações disponíveis sobre a importância desse tipo de conduta. FONTES DOS DADOS: Bases de dados MEDLINE, LILACS, publicações técnicas de organizações internacionais, diretrizes nacionais e internacionais. Foram utilizados os unitermos acute respiratory infection, otitis, sinusitis, tonsillitis, pneumonia, antibiotic, guidelines, bacterial resistance. Artigos citados pelos artigos incluídos foram analisados quanto à apresentação de informação de interesse. SÍNTESE DOS DADOS: A resistência bacteriana tem crescido, sendo atualmente reconhecida como problema mundial de saúde pública. As IRA são a causa mais freqüente para uso de antibiótico na comunidade; grande parte desses casos, tanto nas vias aéreas superiores (otite, sinusite, faringoamidalite como nas inferiores (pneumonia, são decorrente de infecção viral. As recomendações para racionalizar o uso de antibióticos nos pacientes com IRA têm como objetivo comum minimizar o uso desnecessário de antibióticos, visto que a "pressão antibiótica" é um dos fatores desencadeantes da resistência bacteriana. CONCLUSÕES: É de grande importância a distinção, entre os pacientes com IRA, daqueles que podem se beneficiar do uso de antibióticos. O uso das recomendações para a prescrição de antibióticos é uma estratégia para minimizar a freqüência de resistência bacteriana.OBJECTIVES: To present evidence-based recommendations for the use of antibiotics for the treatment of the most common acute respiratory infections (ARI and the available information on the importance of this type of management. SOURCES: MEDLINE and LILACS databases, technical publications by international organizations, national and international directives. The search terms acute respiratory infection, otitis, sinusitis

  16. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cervato

    1997-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.

  17. Fatores que interferem na sexualidade de idosos: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Lopes de Alencar

    2014-08-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo é analisar as evidências científicas que abordam os fatores que interferem na sexualidade de idosos. A busca ocorreu em pares, de forma on-line, sendo incluídos artigos originais que estivessem na língua portuguesa, inglesa ou espanhola e respondessem ao objetivo do estudo e com publicação no período de 2006 a outubro de 2011. Teve por Base de dados: Medline, Lilacs, CIDSAÚDE e BDENF, sendo utilizados como descritores: sexualidade e idoso/ sexuality and aged/ sexualidad y anciano. Os artigos selecionados foram avaliados quanto à qualidade metodológica por meio de dois instrumentos: CASP e a Classificação Hierárquica das evidências. Após análise, 15 artigos foram incluídos na revisão, os quais discutem a cultura da assexualidade do idoso, prevalecendo a vivência da sexualidade apenas aos mais jovens. A ausência do parceiro devido à viuvez, valorização do padrão da beleza jovem, ocorrência de doenças, uso de medicamentos e mudanças na fisiologia sexual foram identificadas como fatores importantes que influenciam na sexualidade dos mais velhos. Conclui-se que fatores sociais, culturais, mudanças na fisiologia corporal e a ocorrência de doenças interferem na sexualidade dos idosos, fazendo-se necessária atuação do profissional de enfermagem na desmistificação de mitos e para promover orientações.

  18. Fatores associados à violência contra mulheres profissionais do sexo de dez cidades brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisca Sueli da Silva Lima

    Full Text Available Resumo: No Brasil, há um limitado número de estudos sobre violência contra mulheres profissionais do sexo, tema que vem instigando pesquisadores em todo o mundo, estimulados principalmente por possíveis associações desta com o HIV. Este trabalho objetiva estimar a prevalência de violência contra mulheres profissionais do sexo, segundo natureza e perpetrador, e identificar os fatores associados. Foi realizado um estudo transversal com dados de 2.523 mulheres profissionais do sexo de dez cidades brasileiras, recrutadas pelo método respondent-driven sampling (RDS. Os resultados mostraram que a prevalência de violência verbal foi de 59,5%; violência física 38,1%; sexual 37,8%. Violência física por parceiro íntimo, 25,2%; por clientes, 11,7%. Dentre os fatores associados à violência física estão: idade < 30 anos (ORa = 2,27; IC95%: 1,56-3,29; uso de drogas (ORa = 2,02; IC95%: 1,54-2,65; valor do programa até R$ 29,00 (ORa = 1,51; IC95%: 1,07-2,13. Conclui-se que as mulheres profissionais do sexo brasileiras vivenciam uma carga desproporcional de violência. Identificar fatores de vulnerabilidade é fundamental para as intervenções que garantam direitos humanos e controle do HIV.

  19. Sobrepeso e obesidade e fatores associados ao climatério

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaqueline Teixeira Teles Gonçalves

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste estudo é verificar a associação entre sobrepeso e obesidade e fatores sociodemográficos, comportamentais e clínicos em mulheres climatéricas. Estudo transversal, com amostra de 253 mulheres climatéricas, que responderam questões sobre fatores socioeconômicos e demográficos, saúde geral, hábitos alimentares e comportamentais. Para a avaliação do estado nutricional, foi utilizado índice de massa corpórea (IMC. Para avaliação da qualidade de vida foi utilizado a Menopause Rating Scale (MRS. Empregou-se o Quociente Sexual (QS-F-Versão Feminina para a avaliação do desempenho sexual. Utilizou-se análise bivariada e regressão múltipla hierarquizada para identificar fatores associados ao sobrepeso e à obesidade no climatério. Pela análise do IMC, 30,8% apresentaram sobrepeso e 35,2%, obesidade, totalizando 66% de excesso de peso. Na análise múltipla, não possuir casa própria, gravidade de sintomas pela avaliação do MRS, uso de medicamento de forma contínua e ter feito algum tipo de dieta apresentaram associação com sobrepeso e obesidade. Intervenção nutricional, visando ao controle de peso e mudanças de hábitos de vida, poderá resultar em benefícios consideráveis relativos à saúde e qualidade de vida das mulheres climatéricas.

  20. Fatores que Influenciam a Compra de Produtos Têxteis Oficiais por Torcedores de Futebol de Baixa Renda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas Rial Butier

    2013-12-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo identificar os principais fatores que influenciam os torcedores de baixa renda a adquirirem produtos têxteis oficiais e licenciados por um clube da elite do futebol brasileiro, aparentemente inviáveis para sua capacidade de compra. A revisão de literatura abordou o marketing no futebol brasileiro, incluindo o torcedor de futebol, licenciamento da marca, consumidores de baixa renda e artigos esportivos têxteis. Para identificarmos os principais fatores foi escolhido o método de análise conjunta, técnica estatística à qual ajuda a entender a complexidade do processo de escolha e decisão de compra dos consumidores. Foram realizadas entrevistas em profundidade com torcedores, lojistas, vendedores e pessoas com atuação no mercado esportivo. Os atributos selecionados para a análise conjunta foram preço, forma de pagamento, durabilidade e ajudar, ou não, o Clube. A pesquisa foi respondida por 149 torcedores durante a realização de dois jogos do Campeonato Brasileiro de 2012. Os resultados da análise conjunta sugerem que os principais fatores, ou atributos, que influenciam os torcedores no processo de compra são, em ordem de importância relativa, ajudar o clube, como mais importante, preço, forma de pagamento e, como menos importante, a durabilidade do produto.DOI: 10.5585/podium.v2i2.44

  1. Consumo de bebida alcoólica entre fumicultores: prevalência e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Lopes Fávero

    Full Text Available Resumo Resultados Este trabalho tem por objetivo descrever a prevalência do beber pesado e o consumo de risco de bebida alcoólica e fatores associados em agricultores que cultivam fumo. Foi realizado estudo transversal em 2469 fumicultores, maiores de 18 anos, no ano de 2011. Foi considerado consumo de risco de bebida alcoólica a ingestão de 3 ou mais doses padrão por dia em homens e 2 ou mais em mulheres. O beber pesado foi a ingestão de 15 ou mais doses padrão por semana em homens e 8 ou mais em mulheres. Foi realizada análise multivariada hierarquizada, que examinou a associação com variáveis socioeconômicas, comportamentais e ocupacionais. : A prevalência do consumo de risco e beber pesado foi 4,7% e 1,09% em mulheres e 30,8% e 4,8% em homens, respectivamente. Foram associados com consumo de risco em homens e mulheres: o percentual da renda representado pelo fumo (RP 1,3 e 0,4, ser empregado (RP 1,3 e 3,1 e uso de agrotóxico (RP 1,5 e 2,1, respectivamente. Foi associado a beber pesado em homens: perda da lavoura (RP 1,6, participação em atividades religiosas (RP 0,3 e horas de trabalho agrícola (RP 0,6. Existe associação de fatores ocupacionais com o consumo de risco de bebidas alcoólicas em homens. Os fatores associados variam conforme o padrão de consumo avaliado.

  2. Uso de drogas psicotrópicas por estudantes: prevalência e fatores sociais associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soldera Meire

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência do uso pesado de drogas por estudantes de primeiro e segundo graus em uma amostra de escolas públicas e particulares, e identificar fatores demográficos, psicológicos e socioculturais associados. MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal com uma técnica de amostragem do tipo intencional comparando-se escolas públicas de áreas periféricas e centrais e escolas particulares. Foi utilizado um questionário anônimo de autopreenchimento. A amostra foi constituída por 2.287 estudantes de primeiro e segundo graus da cidade de Campinas, SP, no ano de 1998. Considerou-se uso pesado, o uso de drogas em 20 dias ou mais nos 30 dias que antecederam a pesquisa. Para análise estatística, utilizou-se a análise de regressão logística politômica - modelo logito, visando identificar fatores que influenciem este modo de usar drogas. RESULTADOS: O uso pesado de drogas lícitas e ilícitas foi de: álcool (11,9%, tabaco (11,7%, maconha (4,4%, solventes (1,8%, cocaína (1,4%, medicamentos (1,1%, ecstasy (0,7%. O uso pesado foi maior entre os estudantes da escola pública central, do período noturno, que trabalhavam, pertencentes aos níveis socioeconômicos A e B, e cuja educação religiosa na infância foi pouco intensa. CONCLUSÕES: Maior disponibilidade de dinheiro e padrões específicos de socialização foram identificados como fatores associados ao uso pesado de drogas em estudantes.

  3. Fatores motivacionais para a prática de dança em meninas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Alfeu Santos

    2010-11-01

    Full Text Available A dança e uma importante aliada para que a crianças se desenvolva tanto física quanto psicologicamente, utilizando-se de meio prazerosos e divertidos para isso. Desta forma, tem-se como objetivo analisar os fatores motivacionais que levam meninas entre sete e dez anos a praticarem dança Jazz. Este estudo caracterizou-se como uma pesquisa qualitativa. A amostra foi composta por 10 crianças do sexo feminino integrantes de uma turma de jazz existente a dois anos em um clube social do município de Irati-PR, localizado no estado do Paraná. A escolha da turma foi intencional devido ao fato de ser a única na cidade. Os métodos utilizados como instrumentos de análise foram o inventário de motivação para prática desportiva da Gaya e Cardoso (1998 composto por 19 questões subdivididas em três categorias: competência despostiva, saúde, amizade/lazer, juntamente um diário escrito pelas próprias participantes da amostra. O programa Microsoft Excel 2oo7 foi empregado na análise estatística onde verificou-se a distribuição percentual das respostas.Os resultados indicaram que fatores relacionados a saúde são considerados de maior importância para as meninas,trechos do diário também relatam essa preocupação e mostram o gosto pela dança Jazz ,em oposição a isso fatores relacionados a amizade/lazer e a competência desportiva foram consideradas por elas como sendo de menor importância.

  4. Forma clínica e fatores de risco associados ao estrabismo na binocularidade visual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Nice Araujo Moraes Rocha

    2016-02-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar e analisar fatores de risco associados ao estrabismo, dados oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares. Métodos: Estudo prospectivo, descritivo e analítico realizado com 240 pacientes que consultaram pela primeira vez nos ambulatórios de estrabismo. Foram avaliadas a frequência e associação entre estrabismo, dados de exames oftalmológicos e antecedentes pessoais e familiares para identificação dos fatores de risco. Resultados: Observou-se maior prevalência de estrabismo em mulheres (56,96% em relação aos homens (43,02%. A faixa etária mais atendida no ambulatório de estrabismo foi composta de crianças até 15 anos de idade (83,54%. Encontrou-se mais esotropia (55,27% que exotropia (42,20% e parcela menor de estrabismo vertical isolado (2,53%. A prematuridade foi associada ao estrabismo convergente (p=0,023 e não ao divergente (p=0,086. O diabetes mellitus materno foi associado à esotropia (p=0,024 e exotropia (p=0,036 no filho, mas a hipertensão arterial materna, uso de medicamentos para hipertensão e diabetes durante a gravidez e drogas ilícitas não foram estatisticamente significativos. Pacientes com paralisia cerebral tiveram mais associação com exotropia (p=0,008 que esotropia (p=0,019. Malformações congênitas, consanguinidade entre os pais e traumas oculares não apresentaram associação estatisticamente significativa para o estrabismo. A maioria dos pacientes com estrabismo apresentou boa acuidade visual corrigida e fundoscopia normal. Na análise de proporções a hipermetropia foi mais frequente na esotropia (68,7%. Conclusão: Os fatores de riscos internos e externos podem interferir na formação e desenvolvimento do olho na fase de plasticidade ocular, com prejuízo da binocularidade visual, podendo resultar em estrabismo. Há divergências com relação aos fatores de risco realmente associados e mais estudos são necessários para a identificação.

  5. Influencia de fatores psicossociais na cessacao do tabagismo: evidencias longitudinais no Estudo Pro-Saude

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia S Lopes

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a incidência de cessação de tabagismo e sua associação com fatores psicossociais. MÉTODOS Foram analisados dados de três fases consecutivas do Estudo Pró-Saúde, estudo longitudinal entre funcionários técnico-administrativos de uma universidade no Rio de Janeiro, Brasil. Os critérios de inclusão foram ter participado das Fases 1 e 3 e ser fumante na linha de base (Fase 1 – 1999. Foram excluídos indivíduos que, no seguimento (Fase 3 – 2007, tinham parado de fumar há menos de um ano. A população final de estudo foi composta de 661 funcionários (78% dos elegíveis. Os riscos relativos (RR da cessação do tabagismo foram avaliados pelo modelo de regressão de Poisson com variância robusta. RESULTADOS A incidência acumulada de cessação do fumo em oito anos de seguimento foi de 27,7%. Entre os fatores psicossociais avaliados, ausência de experiência de violência física apresentou-se associada à maior cessação de tabagismo na análise multivariada (RR = 1,67; IC95% 1,09;2,55. CONCLUSÕES A incidência de cessação de tabagismo foi alta, e o fato de não terem sido encontradas associações com a maioria dos fatores avaliados sugere que grande parte do efeito encontrado seja decorrente do impacto relativamente homogêneo das políticas públicas implementadas no Brasil nas últimas décadas. A associação encontrada entre ausência de exposição à violência e maior incidência de cessação de tabagismo aponta para a importância desse fator nas políticas de controle do tabagismo.

  6. Fatores preditivos de morbidade e mortalidade no trauma penetrante do cólon

    OpenAIRE

    Thiago Rodrigues Araujo Calderan

    2014-01-01

    Resumo: A lesão de cólon, que ocorre em 25% a 41% dos ferimentos por projétil de arma de fogo (FPAF) e em 5% a 20% dos ferimentos por arma branca (FAB) que acometem o abdome, apesar de possuir baixa mortalidade, apresenta uma alta morbidade. O presente estudo teve como objetivo analisar quais os fatores prognósticos envolvidos no aumento da morbidade e da mortalidade no trauma penetrante do cólon. Foi realizado um estudo retrospectivo de 21 anos, em que 462 pacientes foram admitidos com traum...

  7. Fatores associados à cesariana entre primíparas adolescentes no Brasil, 2011-2012

    OpenAIRE

    Gama, Silvana Granado Nogueira da; Viellas, Elaine Fernandes; Schilithz, Arthur Orlando Corrêa; Filha, Mariza Miranda Theme; Carvalho, Márcia Lazaro de; Gomes, Keila Rejane Oliveira; Costa, Maria Conceição Oliveira; Leal, Maria do Carmo

    2014-01-01

    Nesse artigo são apresentados os fatores associados à realização de cesariana em primíparas adolescentes no Brasil, utilizando-se dados de pesquisa nacional de base hospitalar realizada entre 2011 e 2012. As informações foram obtidas por meio de entrevista com a puérpera durante a internação hospitalar. Um modelo teórico conceitual foi estabelecido com três níveis de hierarquia e a variável dependente foi a via de parto – cesariana ou vaginal. Os resultados mostram proporção elevada de cesari...

  8. Fatores explicativos do Work-Life balance de contadores à luz da psicologia positiva

    OpenAIRE

    Altoé, Stella Maris Lima

    2014-01-01

    Resumo: Recentemente, work-life balance tem sido tema de algumas discussões que visam a integração entre o trabalho e a família, com o intuito de minimizar os conflitos de papéis inerentes a estas esferas. Observa-se que trabalho e família constituem-se como os domínios mais relevantes da vida das pessoas. Neste sentido, o presente estudo foi desenvolvido com o propósito de identificar os fatores que explicam a percepção de contadores paranaenses quanto ao seu work-life balance e verificar a ...

  9. Exposição ao álcool entre escolares e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah Carvalho Malta

    2014-02-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a prevalência de consumo de álcool entre escolares adolescentes e identificar fatores individuais e contextuais associados. MÉTODOS : Estudo baseado em dados da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE, com amostra de 59.699 escolares do 9º ano, residentes nas capitais brasileiras e no Distrito Federal, em 2009. A associação entre consumo regular de álcool e as variáveis explicativas independentes foi medida utilizando-se o teste Qui-quadrado de Pearson com nível de significância de 0,05. As variáveis explicativas foram classificadas em quatro categorias (sociodemográficas, contexto escolar e familiar, fatores de risco e fatores de proteção. As análises multivariadas foram feitas por categoria, ajustadas por idade e sexo. As variáveis com p ≤ 0,10 foram inseridas no modelo final de análise multivariada. RESULTADOS : O maior consumo de álcool nos últimos 30 dias esteve independentemente associado a escolares: com 15 anos (OR = 1,46 ou mais, do sexo feminino (OR = 1,72, de cor branca, filhos de mães com maior escolaridade, que estudam em escola privada, que experimentaram tabaco (OR = 1,72 e drogas (OR = 1,81, que têm consumo regular de tabaco (OR = 2,16 e que já tiveram relação sexual (OR = 2,37. Os fatores relativos à família foram: faltar às aulas sem o conhecimento dos pais (OR = 1,49, pais não saberem o que escolares fazem no tempo livre (OR = 1,34, fazer menor número de refeições com os pais (OR = 1,22, relato de que os pais não se importariam se chegassem bêbados em casa (OR = 3,05, ou se importariam pouco (OR = 3,39, e ter sofrido violência doméstica (OR = 1,36. CONCLUSÕES : Os resultados confirmam a importância de considerar o álcool na adolescência como um fenômeno complexo, multifatorial e socialmente determinado.

  10. Estudo laboratorial das micoses oculares e fatores associados às ceratites

    OpenAIRE

    Höfling-Lima,Ana Luisa; Forseto,Adriana; Duprat,João Paulo; Andrade,Alfredo; Souza,Luciene Barbosa de; Godoy,Patrício; Freitas,Denise de

    2005-01-01

    OBJETIVO: Analisar a freqüência e a etiologia das doenças oculares micóticas diagnosticadas por cultura no Laboratório de Doenças Externas Oculares da Universidade Federal de São Paulo (LOFT-UNIFESP), São Paulo, SP, Brasil e os fatores associados às ceratites fúngicas. MÉTODOS: Estudo retrospectivo de 14.391 solicitações de exames laboratoriais de doenças infecciosas oculares no período compreendido entre 1975 e maio de 2003. Nas comprovações por cultura de micoses oculares foram observados o...

  11. Fatores relacionados à gravidade da doença periodontal em cães

    OpenAIRE

    Mariano, Kauana Peixoto

    2013-01-01

    A doença periodontal caracteriza-se pela inflamação e destruição de estruturas do periodonto. É uma das doenças que mais frequentemente acometem os cães, sendo seu agente etiológico a placa bacteriana que se acumula na superfície dos dentes. O objetivo desse estudo foi avaliar a interferência de fatores como dietas caseira, mista e seca, idade e escore corporal na gravidade da doença periodontal em 73 cães. Foi realizada avaliação nutricional, exame clínico da cavidade bucal...

  12. INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS E FATORES DE RISCO CARDIOVASCULAR EM TRABALHADORES RURAIS

    OpenAIRE

    Pohl, Hildegard Hedwig; Arnold, Elise Ferreira; Dummel, Kely Lisandra; Cerentini, Taís Marques; Reuter, Éboni Marília; Reckziegel, Miriam Beatris

    2018-01-01

    RESUMO Introdução: A obesidade tem provocado diversos agravos à saúde, impulsionada pela industrialização, avanços tecnológicos, urbanização e estilo de vida; esses aspectos estão relacionados com disfunções cardiovasculares. Diversos fatores estão associados aos problemas saúde da população, os quais podem ser previamente identificados com técnicas simples, como medidas antropométricas e escores de risco, usadas para determinar possíveis riscos. Objetivo: Relacionar variáveis antropométric...

  13. Prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes de área urbana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Helena Klee Oehlschlaeger

    2004-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência e fatores associados ao sedentarismo em adolescentes residentes em uma área urbana. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em uma amostra representativa de 960 adolescentes com idades entre 15 e 18 anos, em 2002, em Pelotas, Estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de um questionário anônimo e auto-aplicado. Foi definindo como sedentário o adolescente que participava de atividades físicas por um tempo menor do que 20 minutos diários e uma freqüência menor do que três vezes por semana. Variáveis sociodemográficas e comportamentais foram avaliadas. Para as comparações entre proporções, utilizou-se o teste do qui-quadrado, e para a análise multivariada, a regressão de Poisson com ajuste robusto para as variâncias. Foi feito controle para efeito de delineamento. RESULTADOS: Foram entrevistados 960 adolescentes, dos quais 39% foram considerados sedentários. As meninas foram mais sedentárias do que os meninos, 2,45 (IC 95% 2,06-2,92. Os adolescentes das classes sociais mais baixas foram mais sedentários, 1,35 (IC 95% 1,06-1,72. Escolaridade inferior a quatro anos de estudo do adolescente 1,30 (IC 95% 1,01-1,68 e da mãe 1,75 (IC 95% 1,31-2,23 apresentaram maior risco para o sedentarismo. Após controle para possíveis fatores de confusão, mostrou-se também positiva a associação entre o sedentarismo e a presença de transtornos psiquiátricos menores e relação inversa, fator de proteção para os sexualmente ativos 0,84 (IC 95% 0,71-0,99. CONCLUSÕES: Ser do sexo feminino, pertencer à classe social baixa, ter uma baixa escolaridade e ser filho de mãe com baixa escolaridade são fatores associados ao sedentarismo.

  14. The role of clinical variables, neuropsychological performance and SLC6A4 and COMT gene polymorphisms on the prediction of early response to fluoxetine in major depressive disorder.

    Science.gov (United States)

    Gudayol-Ferré, Esteve; Herrera-Guzmán, Ixchel; Camarena, Beatriz; Cortés-Penagos, Carlos; Herrera-Abarca, Jorge E; Martínez-Medina, Patricia; Cruz, David; Hernández, Sandra; Genis, Alma; Carrillo-Guerrero, Mariana Y; Avilés Reyes, Rubén; Guàrdia-Olmos, Joan

    2010-12-01

    Major depressive disorder (MDD) is treated with antidepressants, but only between 50% and 70% of the patients respond to the initial treatment. Several authors suggested different factors that could predict antidepressant response, including clinical, psychophysiological, neuropsychological, neuroimaging, and genetic variables. However, these different predictors present poor prognostic sensitivity and specificity by themselves. The aim of our work is to study the possible role of clinical variables, neuropsychological performance, and the 5HTTLPR, rs25531, and val108/58Met COMT polymorphisms in the prediction of the response to fluoxetine after 4weeks of treatment in a sample of patient with MDD. 64 patients with MDD were genotyped according to the above-mentioned polymorphisms, and were clinically and neuropsychologically assessed before a 4-week fluoxetine treatment. Fluoxetine response was assessed by using the Hamilton Depression Rating Scale. We carried out a binary logistic regression model for the potential predictive variables. Out of the clinical variables studied, only the number of anxiety disorders comorbid with MDD have predicted a poor response to the treatment. A combination of a good performance in variables of attention and low performance in planning could predict a good response to fluoxetine in patients with MDD. None of the genetic variables studied had predictive value in our model. The possible placebo effect has not been controlled. Our study is focused on response prediction but not in remission prediction. Our work suggests that the combination of the number of comorbid anxiety disorders, an attentional variable, and two planning variables makes it possible to correctly classify 82% of the depressed patients who responded to the treatment with fluoxetine, and 74% of the patients who did not respond to that treatment. Copyright © 2010 Elsevier B.V. All rights reserved.

  15. Warfarina: fatores que influenciam no índice de normatização internacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ticiane C. G. F. Campanili

    2008-12-01

    Full Text Available O tratamento com Warfarina reduz a capacidade de coagulação do sangue, sendo acompanhado laboratorialmente pelo tempo de protrombina expresso como no índice de normatização internacional(INR. Fatores socioeconômicos, culturais e a terapêutica podem influenciar os resultados. Objetivo: caracterizar pacientes em uso de Warfarina e identificar fatores que colaboraram para o INR permanecer fora da faixa terapêutica (INR 3,0. Estudo descritivo exploratório utilizando instrumento de coleta de dados, com as variáveis: caracterização do paciente, uso da Warfarina e sua forma de utilização, hábitos alimentares, atividade física, controle do INR. Amostra foi de 38 pacientes que recebiam Warfarina há trinta dias com INR fora da faixa terapêutica. Os pacientes apresentavam hábitos alimentares inadequados, interação medicamentosa da Warfarina com antibióticos e antiarrítmicos e adesão prejudicada ao tratamento.

  16. FINANÇAS COMPORTAMENTAIS: FATORES QUE INFLUENCIAM OS CONSUMIDORES NA HORA DA COMPRA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wenner Glaucio Lopes Lucena

    2011-07-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva estabelecer as principais influências comportamentais dos consumidores na hora da compra nas lojas da cidade de Caruaru-PE. A pesquisa foi realizada com consumidores da cidade de Caruaru-PE, no North Shopping, antigo Shopping Caruaru, e no centro da cidade. A amostra dessa pesquisa foram 200 consumidores. Apresentando os seguintes resultados: 50% do público declaram ser o preço o fator determinante ao escolher um produto, quando a qualidade do produto não está em questão. No que diz respeito a satisfazer as necessidades de auto-estima, o status da marca é fator decisivo de influência, com 23% das opiniões. Pela pesquisa aplicada, constata-se que, com 31% do total, o sábado é o dia preferido para fazer compras, pela maior disponibilidade de tempo, de produtos ofertados, quer seja no comércio, nas feiras livres ou nos shoppings da cidade. E há a possibilidade de contar com companhia de terceiros, tornando o ato do consumo mais atrativo. Diante de tudo que foi estudado e analisado nesta pesquisa, concluí-se que o comportamento do consumidor deve ser estudado por todos que ofertem algum produto ou serviço. Uma vez que o mesmo é determinante na decisão de compra e no sucesso de uma empresa.

  17. Influência de fatores socioeconômicos na qualidade de vida de idosos hipertensos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Marcus Oliveira Andrade

    2014-08-01

    Full Text Available O presente estudo teve como objetivo analisar a associação entre fatores socioeconômicos e qualidade de vida de idosos hipertensos atendidos pelo Programa Saúde da Família na cidade de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Consistiu em um estudo transversal analítico conduzido em amostra representativa de 294 idosos hipertensos. Os dados foram coletados por meio de questionário de caracterização socioeconômica e de qualidade de vida (Minichal. Foram analisados por meio de testes não paramétricos de Mann-Witney e Kuskall-Wallis. Os resultados, por sua vez, mostraram que o estado conjugal, a religião e a escolaridade afetam de maneira estatisticamente significativa a qualidade de vida de idosos hipertensos. Idosos hipertensos solteiros/divorciados/viúvos, evangélicos, espíritas e pertencentes a outras entidades religiosas, e analfabetos apresentaram menores escores de qualidade de vida. Para as demais variáveis analisadas, não houve associação estatística. Conclui-se que os fatores socioeconômicos como estado conjugal, escolaridade e religião influenciam na qualidade de vida de idosos hipertensos.

  18. Fatores de risco para a coluna: avaliação em consulta de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Edla de Oliveira Bringuente

    1997-09-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como propósito estudar os fatores de risco que afetam a pessoa com dor na couna, identificando-os e implementando uma proposta de intervenção, composta de um programa de educação à saúde, fundamentado no ensino do autocuidado, pressupostos filosóficos humanista-existenciais e abordagens equalizadoras do estresse, dentre elas, atividades reintegradoras músculo-esqueléticas, técnicas básicas de equalízação do estresse e massagens. Foi desenvolvido junto a uma população de 42 clientes, tendo sido utilizados na coleta de dados dois instrumentos que integraram o protocolo de consultas de enfermagem. Os resultados demonstraram a existência de fatores de risco associados e modificáveis mediante programas de educação à saúde. O processo avaliativo contribuiu para que se tivesse uma visão das medidas terapêuticas, utilizando nessa abordagem cuidados não convencionais, contribuindo, outrossim, na melhoria da qualidade de vida desses clientes.

  19. Conhecimento de estudantes de Odontologia sobre os fatores de risco para o câncer bucal

    OpenAIRE

    Souza, Glenda Tâmara; Fonseca, Luciana Guedes; Araújo, Amanda Miranda Brito; Freitas, Daniel Antunes; Sousa, Árlen Almeida Duarte de

    2017-01-01

    Objetivo: Avaliar o conhecimento de acadêmicos de odontologia acerca do câncer bucal e seus fatores de risco, bem como a presença destes fatores nos próprios estudantes. Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva, quantitativa e transversal. Todos os estudantes do curso de odontologia de uma instituição de ensino privada que cursavam do 7º ao 10º período de formação foram convidados a participar do estudo. Os estudantes responderam a um questionário estruturado relacionado à prevalência e c...

  20. Fatores prognósticos para o desenvolvimento cognitivo de prematuros de muito baixo peso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Dalva Barbosa Baker Méio

    2003-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Crianças prematuras, de muito baixo peso, podem apresentar alterações em seu desenvolvimento cognitivo. No Brasil, pouco se conhece sobre a evolução dessas crianças na idade pré-escolar. O objetivo do estudo foi descrever o desenvolvimento cognitivo de uma população de recém-nascidos prematuros de muito baixo peso e verificar possíveis fatores prognósticos para desenvolvimento cognitivo anormal. MÉTODOS: Um estudo de coorte foi realizado com uma população de crianças pré-escolares, nascidas prematuras, de muito baixo peso, entre janeiro de 1991 e setembro de 1993. O desenvolvimento cognitivo foi avaliado por meio do teste WPPSI-R (Wechsler Preschool and Primary Intelligence Scales aplicado por psicólogas, utilizando dois pontos de corte para definição de anormalidade: escores abaixo de 1 e 2, desvios padrões da média (DP. RESULTADOS: Foram avaliadas 79 crianças de quatro a cinco anos de idade. A média do escore total do teste WIPPSI-R foi de 75,6 (±11,9. A incidência de escore total anormal foi de 77,2% e de 32,9% (1DP e 2 DP, respectivamente. Após o ajuste por "tipo de parto", ser pequeno para a idade gestacional (OR=6,19; IC95% 1,60-23,86, ultra-som transfontanela anormal (OR=5,90; IC95% 1,04-9,83 e ser do sexo masculino (OR=3,20; IC 95% 1,32-26,35 foram os fatores que predisseram escore total <70 (2 DP. CONCLUSÃO: Houve maior comprometimento do desenvolvimento cognitivo nas crianças estudadas do que o descrito na literatura. Ser pequeno para idade gestacional, ultra-som transfontanela anormal e sexo masculino foram fatores prognósticos de pior evolução.

  1. Fatores preditivos de infecção no trauma de cólon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Átila Varela Velho

    Full Text Available Este trabalho procurou avaliar fatores preditivos de infecção no trauma de cólon e sua validade epidemiológica. Durante 24 meses, 160 pacientes com trauma de cólon foram estudados prospectivamente em um centro de trauma, onde foram analisados possíveis fatores de risco para complicações infecciosas como a idade, o mecanismo de trauma, a topografia da lesão, o Colon Organ Injury Scale (CIS, o Abdominal Trauma Index (ATI, a presença de choque, a técnica cirúrgica empregada, o grau de contaminação e o intervalo de tempo entre o trauma e a cirurgia. Como complicações infecciosas foram consideradas: infecção da ferida cirúrgica, abscesso intra-abdominal, abscesso retroperitoneal, peritonite e deiscência de sutura colônica. A análise estatística dos dados foi feita por Regressão Logística Múltipla. No grupo estudado, 152 pacientes eram do sexo masculino, a idade média foi de 27,8 ± 12 anos, 104 ferimentos foram produzidos por arma de fogo, 38 por arma branca e 18 foram contusos, sendo de 18 ± 9 o ATI médio. A análise dos fatores de risco para infecção mostrou que o grau de contaminação fecal, o escore CIS, o tempo decorrido entre o trauma e a cirurgia e a faixa etária correlacionaram-se com complicações infecciosas neste estudo. Com base nesses resultados foi traçado um perfil do paciente de risco para infecção no grupo estudado: homem, mais de 35 anos, com trauma abdominal penetrante, com Cis > 3 e contaminação fecal moderada ou grande, submetido à cirurgia após mais de três horas do trauma.

  2. Fatores de risco para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BRANDÃO Carlos Manuel de Almeida

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para mortalidade hospitalar em reoperações valvares. MÉTODO: Foi realizada análise prospectiva de 194 pacientes submetidos a reoperações valvares no período entre julho de 1995 e junho de 1999. As variáveis estudadas foram: sexo, idade, classe funcional, número e tipo de operações prévias, intervalo entre as operações, caráter da operação, creatinina sérica, fração de ejeção do ventrículo esquerdo, diâmetros diastólico e sistólico do ventrículo esquerdo, pressão sistólica de ventrículo direito, atividade de protrombina, relação do tempo de tromboplastina parcial ativada, contagem de plaquetas, tempo de circulação extracorpórea, tempo de pinçamento aórtico, posição e número de valvas, tipo de procedimento, operações associadas e volume de sangramento intra-operatório. Análise univariada e multivariada foi realizada para determinar os fatores de risco para mortalidade hospitalar. RESULTADOS: A mortalidade hospitalar foi de 8,8% (17 pacientes. A análise univariada identificou as seguintes variáveis associadas a maior mortalidade: classe funcional avançada, fração de ejeção do ventrículo esquerdo baixa, atividade de protrombina baixa, creatinina elevada, tempo de circulação extracorpórea prolongado, tempo de pinçamento aórtico prolongado, procedimentos associados e volume de sangramento intra-operatório elevado. Na análise multivariada foram significativas: classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos. CONCLUSÕES: As variáveis classe funcional IV, creatinina > 1,5 mg/dl e tempo de circulação extracorpórea > 120 minutos são fatores de risco independentes para mortalidade hospitalar nas reoperações valvares.

  3. Fator de desconto estocástico no mercado acionário brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Borges Catalão

    2006-09-01

    Full Text Available Este trabalho implementa as fronteiras de variância mínima para o fator de desconto estocástico, conforme Hansen e Jagannathan (1991 e Cochrane e Hansen (1992, no mercado acionário brasileiro. São consideradas duas abordagens em termos dos retornos das ações e dos prêmios das ações: o Equity Premium Puzzle e o Low Interest Rate Puzzle em face destas metodologias. Adicionalmente, aplicamos o teste econométrico de Burnside (1994 nestes casos. Verificamos que a primeira abordagem produz um fator de desconto estocástico inválido no caso brasileiro. Por outro lado, a formulação com base no prêmio, conforme Cochrane e Hansen (1992, não invalida o fator de desconto estocástico. Assim, não identificamos estes dois puzzles no mercado acionário brasileiro. De fato, o chamado "equity premium puzzle" tem que satisfazer estes dois critérios. Neste sentido, este puzzle não se verifica no mercado acionário brasileiro.This article implements the minimum variance frontier for the stochastic discount factor, according to both Hansen and Jagannathan (1991 and Cochrane and Hansen (1992, for the Brazilian stock market. Two approaches are considered in terms of equity returns and equity premium, respectively, the Equity Premium Puzzle and the Low Interest Rate Puzzle. Furthermore, we apply also the econometric test of Burnside (1994 in these approaches. The criteria based on equity return results in an invalid discount factor. On the other hand, the approach using the equity premium, according to Cochrane and Hansen (1992, does not reject the discount factor. Thus, we do not corroborate these two puzzles for the Brazilian equity market. In fact, the equity premium puzzle has to satisfy both criterias above. Thus, in these sense this puzzle does not happen in the Brazilian stock market.

  4. Fatores institucionais e assimetria informacional: influência na estrutura de capital de empresas brasileiras.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana Albanez

    2012-04-01

    Full Text Available O objetivo principal deste trabalho é analisar se a presença de importantes fatores institucionais brasileiros, como o acesso a fontes e linhas diferenciadas de financiamento, afeta a significância estatística e econômica da assimetria informacional, principal pressuposto da teoria de pecking order, na determinação da estrutura de capital de empresas brasileiras. Para tanto, foram utilizadas variáveis de controle, variáveis representativas de fatores institucionais e de assimetria informacional num painel de dados referente a empresas brasileiras de setores industriais, cujas ações foram negociadas na Bovespa, no período 1997-2007. Como principais resultados encontra-se que as variáveis tamanho, tangibilidade, rentabilidade e risco são importantes determinantes da estrutura de capital das empresas analisadas, sendo também significativa a participação de linhas diferenciadas no endividamento dessas empresas. Em resposta ao objetivo da pesquisa, verifica-se que a assimetria informacional não perde significância estatística e econômica no modelo proposto, após a inclusão de variáveis representativas de fatores institucionais, o que evidencia a importância da assimetria informacional na determinação da estrutura de capital de empresas brasileiras. O sinal negativo encontrado apoia a teoria de pecking order, na qual essas empresas seriam menos endividadas devido à possibilidade de captarem recursos por meio da emissão de ações. Ressalta-se que as proxies utilizadas para representar o atributo assimetria informacional constituem uma limitação da pesquisa. Em razão disso, sugere-se, para trabalhos futuros, a utilização de outras variáveis, com o propósito de verificar a consistência dos resultados aqui encontrados, bem como a análise da influência da assimetria informacional sobre o custo de capital de empresas brasileiras, com o intuito de verificar se empresas consideradas com menor assimetria informacional

  5. Fatores associados aos sintomas depressivos em idosos: estudo EpiFloripa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucelia Justino Borges

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar a prevalência e fatores associados a sintomas depressivos em idosos. MÉTODOS Estudo epidemiológico transversal e de base domiciliar (inquérito EpiFloripa Idoso com 1.656 idosos, realizado por conglomerados em dois estágios, setores censitários e domicílios, em Florianópolis, SC. A prevalência de sintomas depressivos (desfecho foi obtida por meio da Geriatric Depression Scale (GDS-15, e testadas associações segundo variáveis sociodemográficas, de saúde, comportamentais e sociais. Foram calculadas razões de prevalências brutas e ajustadas com intervalo de 95% de confiança por regressão de Poisson. RESULTADOS A prevalência de sintomas depressivos foi de 23,9% (IC95% 21,84;26,01. Os fatores de risco associados no modelo final foram: escolaridade de cinco a oito anos (RP = 1,50; IC95% 1,08; 2,08, um a quatro anos (RP = 1,62; IC95% 1,18; 2,23 e nenhum ano de estudo (RP = 2,11; IC95% 1,46;3,05; situação econômica pior quando comparada com a que tinha aos 50 anos (RP = 1,33; IC95% 1,02;1,74; déficit cognitivo (RP = 1,45; IC95% 1,21;1,75; percepção de saúde regular (RP = 1,95; IC95% 1,47;2,60 e ruim (RP = 2,64; IC95% 1,82;3,83; dependência funcional (RP = 1,83; IC95% 1,43; 2,33; e dor crônica (RP = 1,35; IC95% 1,10;1,67. Grupo etário de 70 a 79 anos (RP = 0,77; IC95% 0,64;0,93; atividade física de lazer (RP = 0,75; IC95% 0,59;0,94; participação em grupos de convivência ou religiosos (RP = 0,80; IC95% 0,64;0,99; e ter relação sexual (RP = 0,70; IC95% 0,53;0,94 mostraram-se fatores protetores ao aparecimento dos sintomas depressivos. CONCLUSÕES Situação clínica adversa, desvantagem socioeconômica e pouca atividade social e sexual mostraram-se associadas aos sintomas depressivos em idosos.

  6. A proteinúria como fator de risco para retinopatia diabética

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Freitas André Moraes

    2002-01-01

    Full Text Available Introdução: A diabete mélito é doença metabólica complexa que envolve hiperglicemia, doença microvascular (retina e rim e neuropatia. A retinopatia e a nefropatia são importantes causas de cegueira e falência renal respectivamente, e complicações relacionadas à diabete mélito. Objetivo: Determinar a relação entre a presença de proteinúria e nefropatia com a gravidade da retinopatia diabética num estudo transversal de pacientes diabéticos. Métodos: Estudo transversal de pacientes diabéticos, sem tratamento oftalmológico prévio, atendidos em serviço de oftalmologia terciário. Estes pacientes foram submetidos a exame fundoscópico, exames laboratoriais e interrogados quanto ao tempo de duração e o tipo de diabete. Comparados os fatores de risco abordados com os achados fundoscópicos. Na análise dos dados quantitativos foi usado o teste t de Student. Resultados: Estudados 81 pacientes, 28 do sexo masculino, 53 do sexo feminino, 28 com diabete insulino-dependente 53 com diabete não-insulino-dependente. Fatores correlacionados estatisticamente com o grupo com retinopatia diabética mais grave incluem: diabete mélito insulino dependente (alfa<0,01, nefropatia (alfa<0,05, proteinúria (alfa<0,05, maior tempo de doença (p<0,001 e valores mais elevados de glicemia de jejum (p=0,01. Conclusões: Concluiu-se que a gravidade de retinopatia diabética está relacionada à presença de proteinúria e nefropatia além de sofrer influência de fatores de risco tais como tempo de duração da doença, tipo de diabete e controle metabólico da doença.

  7. Assessment of Climate Air Energy Regional Schemes in Burgundy and in Franche-Comte - Intermediate review on June 27, 2017. Burgundy Climate Air Energy Regional Scheme. Project, Scheme, Appendix to the SRCAE - Wind regional scheme of Burgundy, synthesis, opinion of the Burgundy CESER. Territorial Climate Energy Plan - Program of actions, Plenary session of the November 25, 2013. Climate Air Energy Regional Scheme - Franche-Comte SRCAE

    International Nuclear Information System (INIS)

    2011-09-01

    A first report proposes an assessment of the various aspects addressed by the Climate Air Energy Regional Schemes (SRCAE) of Burgundy and Franche-Comte: global aspects, and aspects related to adaptation to climate change, to air quality, to land planning, to the building sector, to mobility, to good transports, to agriculture, to forest, to industry and craft, to renewable energies, and to ecological responsibility. A synthetic presentation of the Burgundy scheme is proposed, and then an extended version which contains a description of the situation, an analysis of the regional potential, and a definition of orientations for the same above-mentioned aspects. A document more particularly addresses wind energy: role of wind energy in the energy mix of the region, role of small installations, wind energy potential, challenges and constraints (heritage and landscapes, natural environment, technical constraints), identification of areas of interest for wind energy projects, qualitative objectives. Documents published by the regional economic, social and environmental Council (CESER) of Burgundy are then proposed: a contribution to the Climate Air Energy Regional Scheme, a discussion and a presentation of a program of actions for the Climate Energy Territorial Plan (a large number of sheets of presentation of actions is proposed). The last document presents the Franche-Comte regional scheme: overview of regional knowledge on climate, air quality and environmental issues, challenges and potential per activity sector (transports and development, building, agriculture, industry, renewable energy production), definition of orientations and objectives for axes of action

  8. Fatores terapêuticos identificados em um grupo de Promoção da Saúde de Idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alyne Leite Gomes Nogueira

    2013-12-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi identificar fatores terapêuticos presentes em grupo de promoção da saúde de idosos. Estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa, cujos dados foram coletados por meio de grupos focais realizados com participantes do grupo e suas coordenadoras, entre dezembro de 2010 e abril de 2011. Os dados foram submetidos a análise de conteúdo, modalidade temática. Os achados mostraram convergência de respostas entre os participantes da pesquisa, indicando ressonância e complementaridade na identificação dos fatores terapêuticos coesão, instilação de esperança, socialização, compartilhamento de informações, fatores existenciais, altruísmo, aprendizagem interpessoal e universalidade. A identificação desses vários fatores no grupo estudado comprova seu potencial terapêutico, especialmente por atender as necessidades dos idosos, mantê-los saudáveis, fortalecer o sentimento de amor pela vida e pertença a um grupo social.

  9. Fatores Preditivos à Desinstitucionalização de Hábitos e Rotinas na Controladoria: Um Estudo de Caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Roberto da Cunha

    2014-09-01

    Full Text Available O estudo objetiva analisar os fatores que contribuíram à desinstitucionalização de hábitos e rotinas na controladoria de uma empresa, com a mudança do seu sistema de informações. Pesquisa descritiva, de abordagem qualitativa, foi realizada com a utilização das técnicas de grupo focal, entrevista e análise documental, considerando cinco fatores preditivos: pressões políticas, funcionais, sociais, entropia e inércia. Os resultados mostram que o fator preditivo que mais contribuiu ao processo de desinstitucionalização foi o relacionado às pressões políticas na distribuição da mudança do poder, onde todas as categorias foram observadas. Conclui-se que entre os fatores preditivos à desinstitucionalização de hábitos e rotinas se destacam, a partir da mudança do sistema de informações na controladoria da empresa pesquisada, respectivamente, as pressões políticas e inércia.

  10. Determinantes psicobiológicos do comportamento alimentar: uma ênfase em fatores ambientais que contribuem para a obesidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Teresa Cristina Bolzan Quaioti

    2006-01-01

    Full Text Available O comportamento alimentar é multideterminado e somente uma análise psicobiológica é capaz de abordar as interações entre os fatores fisiológicos, psicológicos, genéticos e condições ambientais de um indivíduo. Assim, a capacidade para controlar a ingestão requer mecanismos especializados para harmonizar informações fisiológicas do meio interno com informações nutricionais do ambiente externo. Dentre os fatores externos merece destaque a questão ligada à propaganda de alimentos e a influência cada vez maior da mídia na determinação da dieta dos indivíduos de países desenvolvidos ou em desenvolvimento. Assim, o presente trabalho tem por objetivo analisar as influencias dos fatores ambientais na determinação do comportamento alimentar humano, com especial ênfase naqueles fatores que podem predispor à obesidade.

  11. Ruptura prematura das membranas amnióticas no pré-termo: fatores associados à displasia broncopulmonar

    OpenAIRE

    Gonçalves,Danieli Dias; Silva,Luiz Guilherme Pessoa da; Paula,Glaucio de Moraes; Bonfim,Olga; Moreira,Maria Elizabeth Lopes; Assumpção,Augusta Maria Batista; Figueira,Valéria Seild

    2010-01-01

    OBJETIVO: identificar os fatores obstétricos e neonatais associados ao desfecho de displasia broncopulmonar em pacientes com amniorrexe prematura no pré-termo. MÉTODOS: foram analisados 213 prontuários do Instituto Fernandes Figueira, entre 1998 e 2002, cujas pacientes evoluíram com quadro de amniorrexe prematura

  12. Adolescência, comportamento sexual e fatores de risco à saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Gonçalves de Assis

    2014-02-01

    Full Text Available OBJETIVO : Analisar a relação entre comportamento sexual e fatores de risco à saúde física ou mental entre adolescentes. MÉTODOS : Estudo realizado com 3.195 escolares de 15 a 19 anos de idade, do segundo ano do ensino médio de escolas públicas e particulares das capitais de 10 estados do Brasil, em 2007-2008. Foi utilizada amostragem por conglomerados com multiestágio de seleção (escolas e alunos em cada cidade e rede de ensino pública e particular. Foi aplicado questionário a todos os alunos selecionados, com os seguintes itens: dados socioeconômicos e demográficos; comportamento sexual; “transar” com pessoas do mesmo sexo, do sexo oposto ou de ambos os sexos; uso de bebida alcoólica e maconha; usar camisinha ao “transar”; presença de experiências sexuais traumáticas na infância ou adolescência; e ideação suicida. A análise incluiu descrição de frequências, teste de Qui-quadrado, análise de correspondência múltipla e de cluster. Foram analisadas qualitativamente, por análise dos conteúdos manifestos, as respostas a uma questão livre em que o adolescente expressou comentários gerais sobre si e sua vida. RESULTADOS : Cerca de 3,0% dos adolescentes referiu comportamento homossexual ou bissexual, sem diferenciação de sexo, idade, cor da pele, estrato social, estrutura familiar e rede de ensino. Adolescentes com comportamento homo/bissexual comparados aos heterossexuais relataram (p < 0,05: ficar de “porre” (18,7% e 10,5%, respectivamente, uso frequente de maconha (6,1% e 2,1%, respectivamente, ideação suicida (42,5% e 18,7%, respectivamente e ter sido vítima de violência sexual (11,7% e 1,5%; respectivamente. Adolescentes com comportamento homo/bissexual relataram utilizar menos preservativo de forma frequente (74,2% do que aqueles com comportamento heterossexual (48,6%, p < 0,001. Três grupos foram encontrados na análise de correspondência: composto por adolescentes com comportamento homo

  13. fatores influentes, ingredientes ativos e estratégias de veiculação

    OpenAIRE

    Ruivo, Adriana Pessoa

    2014-01-01

    Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas O envelhecimento é um processo de degradação progressiva e diferencial que ocorre em todos os órgãos e desta forma a pele não lhe fica indiferente. O envelhecimento cutâneo pode ser intrínseco ou cronológico, aquele que surge com a idade influenciado por fatores genéticos, ou extrínseco ou actínico aquele que surge i...

  14. Homocisteína como fator de risco para doenças cardiovasculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sthefano Atique Gabriel

    2007-05-01

    Full Text Available Elevadas concentrações plasmáticas de homocisteína têm sido identificadas como um fator de risco independente para aterosclerose cerebral, coronariana e periférica. Os efeitos danosos da homocisteína sérica são fruto de suas características aterogênicas e trombogênicas. O tratamento mais eficaz para hiperhocisteinemia consiste na redução da homocisteína plasmática, através da fortificação alimentar com suplementos vitamínicos, ricos em vitamina B6, vitamina B12 e, principalmente, acido fólico. A dose recomendada é de 400 microgramos de folato por dia, sendo esta medida uma poderosa redutora da morbidade e mortalidade cardiovascular, além de prevenir possíveis defeitos de fechamento do tubo neural.

  15. Fatores associados à violência escolar no Estado de São Paulo

    OpenAIRE

    Tavares, Priscilla Albuquerque; Pietrobom, Fraancine

    2015-01-01

    Nós investigamos os fatores associados à violência escolar, a partir de um rico banco de dados inédito de registros de ocorrências escolares. Os crimes de furtos e roubos de bens e contra a pessoa, cometidos geralmente por agentes externos à escola, são explicados pelas condições socioeconômicas do entorno e pela riqueza disponível nas escolas. Já os atos violentos tipicamente cometidos por alunos – depredação, vandalismo, ameaças e agressões físicas e verbais – são explicados pela composição...

  16. Fatores associados à candidíase vulvovaginal: estudo exploratório

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Maria Inês da

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: avaliar fatores de risco para candidíase vulvovaginal identificados ao exame e anamnese ginecológica, em amostra de conveniência. MÉTODO: estudo transversal, com amostra de conveniência, envolvendo todas as trabalhadoras (135 de uma indústria de confecção em Criciúma (SC, sintomáticas e assintomáticas, no período de julho a setembro de 2002. Foi utilizada, como técnica de coleta dos dados, entrevista roteirizada investigando-se possíveis fatores de risco. O exame ginecológico detectou a presença ou não de sinais clínicos de vulvovaginites. Realizou-se cultura de secreção vaginal em meio de ágar Sabouraud para isolamento de Candida sp. Os dados foram processados e analisados no programa Epi-Info, versão 6.0. A medida de intensidade de associação usada foi a razão de prevalência. O intervalo de confiança adotado para inferência estatística foi de 95%. A análise multivariada dos dados foi realizada pelo programa SPSS versão 10.0, empregando-se modelo de regressão logística. RESULTADOS: os resultados mostraram que a prevalência da candidíase vulvovaginal foi de 19,3%. A freqüência de vulvovaginite diagnosticada pelo exame clínico foi de 17%, com sensibilidade de 38% e especificidade de 88%. O fator de risco significante para vulvovaginite por Candida nessa população foi a presença de ciclos menstruais regulares e para vulvovaginite clínica foi o uso de hormônios e idade entre 25 e 34 anos. CONCLUSÃO: a prevalência de candidíase vulvovaginal é alta entre mulheres consideradas hígidas e o fator de risco encontrado com significância estatística foi a presença de ciclos menstruais regulares, reforçando a importância de possível relação entre ciclo hormonal e esta infecção. Devido à limitação do presente estudo, esta possível associação, juntamente com outras, devem ser estudadas num futuro desenho de coorte com amostra de tamanho apropriado e medidas de níveis hormonais ao longo

  17. As emoções como fator de modelação no desempenho desportivo

    OpenAIRE

    Santos, Sebastião Ferreira dos

    2017-01-01

    Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto, Especialização em Psicologia do Desporto A investigação científica do século XXI debruçar-se-á sobre o cérebro, como a grande viagem das descobertas. As emoções são a génese do ser humano e são encarnadas como fatores de influência no desempenho desportivo. Os relatos dos agentes desportivos revelam-nos, que muitas vezes, as emoções são o catalisador de rendimentos medíocres, de falhas que geram pesares, a desempenhos fabulosos que ...

  18. Fatores determinantes da capacidade funcional entre idosos Determinant factors of functional status among the elderly

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tereza Etsuko da Costa Rosa

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO; Investigar a influência de fatores socioeconômicos e demográficos relativos à saúde, bem como os fatores ligados às atividades sociais e à avaliação subjetiva da saúde sobre a capacidade funcional dos idosos. MÉTODOS: Estudo transversal, integrante de estudo multicêntrico, em amostra representativa do município de São Paulo, realizado em 1989. A capacidade funcional foi avaliada através da escala de atividades da vida diária pessoal e instrumental e investigada como variável dicotômica: ausência de dependência - incapacidade/dificuldade em nenhuma das atividades versus presença de dependência moderada/grave - incapacidade/dificuldade em 4 ou mais atividades. Análise de regressão logística múltipla foi aplicada aos fatores hierarquicamente agrupados. RESULTADOS: As características que se associaram com a dependência moderada/grave foram analfabetismo, ser aposentado, ser pensionista, ser dona de casa, não ser proprietário da moradia, ter mais de 65 anos, ter composição familiar multigeracional, ter sido internado nos últimos 6 meses, ser "caso" no rastreamento de saúde mental, não visitar amigos, ter problemas de visão, ter história de derrame, não visitar parentes e ter avaliação pessimista da saúde ao se comparar com seus pares. CONCLUSÕES: As características identificadas que se associaram à dependência moderada/grave sugerem uma complexa rede causal do declínio da capacidade funcional. Pode-se supor, entretanto, que ações preventivas especificamente voltadas para certos fatores podem propiciar benefícios para o prolongamento do bem estar da população idosa.OBJECTIVE: To investigate the impact of health-related demographic and socioeconomic factors, as well as the impact of factors associated to social activity and the subjective health evaluation on the functional status of elderly people. METHODS: A cross-sectional multicentric study was conducted in a representative population

  19. Rastreio do desenvolvimento psicomotor: influência dos fatores de risco e contributo da psicomotricidade

    OpenAIRE

    Afonso, Carla Sandra Carneiro

    2015-01-01

    Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto O desenvolvimento psicomotor é um processo dinâmico e contínuo que resulta das transformações que vão ocorrendo no ser humano ao longo da sua vida, e que depende da inter-relação entre os fatores genéticos e ambientais. Para se proceder à verificação e avaliação do desenvolvimento, é necessária a utilização de testes válidos, práticos e precisos que nos permitam obter resultados fidedignos, essenciais para que a criança cumpra em ...

  20. Fatores dentais como risco para o desenvolvimento de carcinoma epidermóide de boca

    OpenAIRE

    Abdo, Evandro Neves; Pordeus, Isabela Almeida; Gomez, Ricardo Santiago; Mesquita, Ricardo Alves

    2016-01-01

    Os autores apresentam uma revisão da literatura sobre a participação dos fatores dentais como risco para o desenvolvimento do carcinoma epidermóide de boca (CEB). O uso de próteses removíveis não tem sido correlacionado como risco. A participação de bordas irritantes de dentes e próteses removíveis não foicomprovada na literatura. Embora a má higiene bucal seja considerada como risco, a literatura considera como pouco expressiva em relação ao uso do fumo e álcool. Novos estudos são necessário...

  1. Fatores prognósticos de letalidade na meningoencefalite tuberculosa Prognostic factors for tuberculous meningoencephalitis lethality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CEUCI NUNES

    1998-12-01

    Full Text Available Este é um estudo de prognóstico em que é avaliada uma coorte retrospectiva de 231 pacientes com diagnóstico de meningoencefalite tuberculosa, com o objetivo de determinar os fatores prognósticos de letalidade. A idade variou de menos de 1 a 68 anos, com 97 pacientes (42% na faixa etária igual ou inferior a 4 anos. Em 62 casos ocorreu a confirmação diagnóstica por líquor (cultura, baciloscopia, PCR ou necropsia; nos demais casos o diagnóstico foi baseado em critérios clínicos, epidemiológicos e resposta terapêutica. Na análise multivariada observamos que os fatores prognósticos mais importantes foram: faixa etária menor que 4 anos, ocorrência de convulsão e alterações de consciência consideradas graves.In order to describe the lethality predictors of patients with tuberculous meningoencephalitis, records of 231 patients were analysed. Ages ranged from less than 1 year to 68 years. Ninety-seven patients (42% were four years old or less. Apart from 73.2% of patients whose diagnosis was performed by clinical and epidemiologic criteria associated with response to specific therapy, 26.8% had diagnostic confirmation through cerebrospinal fluid (culture, bacilloscopy, PCR or necropsy. The lethality predictors were: less than 4 years of age, seizures, and severe alterations of consciousness.

  2. Fatores de risco para poliparasitismo intestinal em uma comunidade indígena de Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fontbonne Annick

    2001-01-01

    Full Text Available No perfil etnoepidemiológico da comunidade dos Índios Pankararus - interior do Estado de Pernambuco -, as parasitoses intestinais representam importante problema de saúde pública, por atingir a quase totalidade da população. A fim de conhecer possíveis fatores de risco ambientais deste quadro, utilizou-se parte da base de dados do inquérito original para relacionar as condições de moradia ao número de parasitas diferentes verificado entre seus moradores. Com base na seleção da quantidade de exames coprológicos efetuados entre as pessoas da família, a amostra para análise contou 84 famílias dentre as 112 da amostra aleatória original. Para o número médio de 6,1 pessoas por família, constatou-se que o de parasitas diferentes presentes no lar era 5,0, número crescente quando a casa era de taipa (6,0 contra 4,9 para as de alvenaria; p < 0,03, ou a água usada na moradia não era tratada (5,1 contra 4,5 para água tratada; p < 0,05. Outros fatores que caracterizam a moradia e sua higiene não parecem influenciar o número médio de parasitas na casa. Conclui-se que o poliparasitismo nos Índios Pankararus de Pernambuco chega a representar a regra e está referido sobretudo às fontes de água de beber e ao seu tratamento.

  3. Fatores de risco para poliparasitismo intestinal em uma comunidade indígena de Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Annick Fontbonne

    2001-03-01

    Full Text Available No perfil etnoepidemiológico da comunidade dos Índios Pankararus - interior do Estado de Pernambuco -, as parasitoses intestinais representam importante problema de saúde pública, por atingir a quase totalidade da população. A fim de conhecer possíveis fatores de risco ambientais deste quadro, utilizou-se parte da base de dados do inquérito original para relacionar as condições de moradia ao número de parasitas diferentes verificado entre seus moradores. Com base na seleção da quantidade de exames coprológicos efetuados entre as pessoas da família, a amostra para análise contou 84 famílias dentre as 112 da amostra aleatória original. Para o número médio de 6,1 pessoas por família, constatou-se que o de parasitas diferentes presentes no lar era 5,0, número crescente quando a casa era de taipa (6,0 contra 4,9 para as de alvenaria; p < 0,03, ou a água usada na moradia não era tratada (5,1 contra 4,5 para água tratada; p < 0,05. Outros fatores que caracterizam a moradia e sua higiene não parecem influenciar o número médio de parasitas na casa. Conclui-se que o poliparasitismo nos Índios Pankararus de Pernambuco chega a representar a regra e está referido sobretudo às fontes de água de beber e ao seu tratamento.

  4. Fatores prognósticos e impacto da comorbidade na laringectomia fronto-lateral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rogério Aparecido Dedivitis

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar sobrevida, impacto da comorbidade, complicações e fatores de falha da laringectomia como tratamento de tumores malignos glóticos. MÉTODOS: Foram analisadas 38 pacientes com tumor glótico sob estadiamento clínico T1b/T2N0M0 submetidos à laringectomia fronto-lateral com reconstrução, de janeiro de 1995 a dezembro de 2006. Foram avaliados os resultados oncológicos, comorbidades (através da escala Adult Comorbidity Evaluation - 27 ACE-27 e complicações, sendo correlacionados com dados demográficos e características do tumor. RESULTADOS: Oito pacientes apresentaram recidiva local e foram resgatados cirurgicamente. Complicações não foram verificadas em 33 pacientes. Não houve diferença significativa das sobrevidas global em cinco anos e livre de doença ao considerarem-se as diferentes categorias de comorbidades. Somente o envolvimento patológico das margens mostrou diferenças significativas na sobrevida global (p=0,0033 e sobrevida livre de doença (p<0,0001. CONCLUSÃO: A sobrevida global em cinco anos foi de 67,6% e a sobrevida livre de doença de 73,7%; a comorbidade não representou fator prognóstico independente; o índice de complicações pós-operatórias foi de 13,2% e somente o envolvimento patológico das margens mostrou diferenças significativas na sobrevida global e livre de doença.

  5. Fatores motivacionais de idosos praticantes do método Pilates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Dantas

    2015-06-01

    Full Text Available Objetivo: Avaliar os fatores motivacionais de idosos praticantes do Método Pilates e sua relação com o sexo. Métodos: Estudo quantitativo, transversal, realizado no período de abril e maio de 2014, utilizando amostra por conveniência com 39 idosos, independentemente do sexo, praticantes do Método Pilates em um bairro da zona norte do Rio de Janeiro-RJ. Utilizou-se o “Inventário de Motivação à Prática Regular de Atividades Físicas (IMPRAF-54”, que avalia as dimensões de motivação (“Controle de Estresse”, “Saúde”, “Sociabilidade”, “Competitividade”, “Estética” e “Prazer”. Aplicou-se a estatística descritiva para análise das dimensões. Resultados: Os principais aspectos motivacionais descritos pelos idosos foram “Saúde” (escore bruto médio; mulheres: 34,3(±4,7; homens: 30,3(±5,2, “Sociabilidade” (escore bruto médio; mulheres: 27,8(±10,2; homens: 28,8 (±9,7 e “Prazer” (escore bruto médio; mulheres: 30,8(±7,5; homens: 29,3(±8,3; somente entre os homens o domínio de “Sociabilidade” foi classificado como “motivação alta” (percentil 70, segundo tabelas normativas do instrumento. Conclusão: Fatores relacionados à saúde, sociabilidade e prazer foram determinantes motivacionais entre os idosos avaliados praticantes do Método Pilates.

  6. Cannabis: a triggering factor for schizophrenia? Maconha: fator desencadeador de esquizofrenia?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estefânia Gastaldello Moreira

    2007-10-01

    Full Text Available Schizophrenia has a prevalence of 1.1% in general population. It is believed to be a multifactorial disease in which a genetic predisposition may exist, but triggering environmental factors should also exist. Among the triggering environmental factors suggested, it is highlighted the use of some drugs, including cannabis (marijuana. The present report aimed to carry out a bibliographic review of the papers presenting a causal relationship between cannabis abuse and development of schizophrenia. The results showed that there is increasing evidence, both epidemiological and biological, that cannabis abuse may trigger schizophrenia, at least in predisposed individuals. A esquizofrenia acomete, aproximadamente, 1,1% da população. Atualmente, acredita-se que a esquizofrenia seja uma doença multifatorial, na qual deva existir uma predisposição genética, mas sejam necessários fatores ambientais desencadeadores para ela se manifestar. Entre os fatores ambientais sugeridos como desencadeadores, salienta-se o uso abusivo de algumas drogas psicotrópicas, incluindo a maconha. O objetivo deste trabalho foi fazer um levantamento bibliográfico dos trabalhos que estabelecem uma relação causal entre uso abusivo de maconha e manifestação de esquizofrenia. A análise da literatura mostrou que existem evidências crescentes, tanto epidemiológicas quanto biológicas, de que o uso de maconha pode desencadear o início da esquizofrenia, pelo menos em indivíduos predispostos.

  7. Fatores terapêuticos em um grupo de apoio para pacientes psiquiátricos ambulatoriais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guanaes Carla

    2001-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO/OBJETIVOS: O emprego da psicoterapia de grupo no atendimento em saúde mental, sobretudo em contextos institucionais, tem se expandido aceleradamente, não havendo uma expansão correlata de pesquisas na área, conforme aponta a literatura especializada. Objetivou-se compreender algumas possibilidades e alguns limites de um grupo de apoio de curta duração (16 sessões para pacientes psiquiátricos ambulatoriais, investigando os fatores terapêuticos que operam nesse grupo, segundo a percepção de seus participantes. MÉTODOS: Questionários do Incidente Crítico (QIC, observação e registro do grupo, consultas aos prontuários dos pacientes e notas de campo constituíram as fontes de dados. A análise das respostas dos pacientes ao QIC foi realizada por procedimentos de avaliação categorial de conteúdo, tendo como base um sistema descritivo dos fatores terapêuticos proposto na literatura. As demais fontes foram tomadas como dados de contexto dos sentidos produzidos pelos pacientes em suas respostas ao QIC. RESULTADOS: Os resultados remetem a dez categorias derivadas da percepção dos pacientes, indicativas de vivências terapêuticas e não-terapêuticas no grupo. DISCUSSÃO/CONCLUSÃO: Este estudo possibilita uma compreensão sobre o modo como os pacientes vivenciaram o processo desse grupo, tendo em vista os sentidos que produziram a partir de sua participação neste, e, em conjunção com a compreensão de seus quadros clínicos, situa algumas possibilidades e alguns limites desse tipo de tratamento em saúde mental, considerando o contexto em que ocorre e a clientela que usualmente o integra.

  8. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  9. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malcon Maura C

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.

  10. Prevalência de dores musculoesqueléticas em motoristas de caminhão e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucia Castro Lemos

    Full Text Available Introdução:motoristas profissionais podem estar sujeitos a doenças musculoesqueléticas relacionadas às condições de trabalho.Objetivo:estimar a prevalência e identificar fatores associados à dor musculoesquelética na coluna vertebral, nos 12 meses anteriores à pesquisa, referida por motoristas de caminhão.Métodos:estudo transversal realizado em 2007 com todos os 460 motoristas do sexo masculino de uma empresa de transportes de carga. Utilizou-se questionário abordando fatores sociodemográficos, ocupacionais e de saúde. Análises de regressão logística univariada e múltipla foram utilizadas para verificar a associação entre o relato de dor musculoesquelética na coluna vertebral e os fatores estudados.Resultados:a prevalência de dor musculoesquelética referida foi de 53,5%, sendo mais prevalentes a dor na coluna vertebral (38,5% e a dor na coluna lombar (28%. Sono de má qualidade, hábito de não cochilar, medo de ser assaltado, morrer, adoecer ou sofrer algum acidente durante o trabalho, e estresse, tensão ou fadiga por desconforto ao dirigir foram fatores associados às dores na coluna vertebral.Conclusão:constatou-se alta prevalência de lombalgia associada a estressores externos, como medo de acidentes e roubos, e a fatores ligados diretamente à organização do trabalho, como a ausência de pausas para cochilos e a restrição dos horários de sono, o que leva a sua má qualidade.

  11. Os professores e a educação inclusiva: identificação dos fatores necessários à sua implementação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marian Ávila de Lima e Dias

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo: A pesquisa objetivou identificar fatores considerados necessários para a implementação da educação inclusiva ligados aos professores e sua atuação. Realizou-se um levantamento bibliográfico de textos acadêmicos sobre o tema; posteriormente, foram entrevistadas três professoras com experiência em educação inclusiva. A pesquisa bibliográfica identificou 20 fatores, que foram separados em três categorias: I - fatores relativos ao professor, II - fatores intraescolares e III - fatores sociais. Para as entrevistadas, a centralidade da educação inclusiva recai sobre os fatores relativos ao professor, em especial às suas características de personalidade, tais como afetividade e persistência, sem nenhuma menção aos fatores sociais. Tais respostas indicam concepções de escola e de inclusão em que o desempenho individual do professor é visto como independente do clima social e das políticas de implementação da educação inclusiva.

  12. COMT Val158Met, but not BDNF Val66Met, is associated with white matter abnormalities of the temporal lobe in patients with first-episode, treatment-naïve major depressive disorder: a diffusion tensor imaging study

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hayashi K

    2014-06-01

    Full Text Available Kenji Hayashi,1 Reiji Yoshimura,1 Shingo Kakeda,2 Taro Kishi,3 Osamu Abe,4 Wakako Umene-Nakano,1 Asuka Katsuki,1 Hikaru Hori,1 Atsuko Ikenouchi-Sugita,1 Keita Watanabe,2 Satoru Ide,2 Issei Ueda,2 Junji Moriya,2 Nakao Iwata,3 Yukunori Korogi,2 Marek Kubicki,5 Jun Nakamura1 1Department of Psychiatry, 2Department of Radiology, University of Occupational and Environmental Health, Kitakyushu, Japan; 3Department of Psychiatry, Fujita Health University, Toyoake, Japan; 4Department of Radiology, Nihon University School of Medicine, Tokyo, Japan; 5Psychiatry Neuroimaging Laboratory, Brigham and Women's Hospital, Harvard Medical School, Boston, MA, USA Abstract: We investigated the association between the Val158Met polymorphism of the catechol-O-methyltransferase (COMT gene, the Val66Met polymorphism of the brain-derived neurotrophic factor (BDNF gene, and white matter changes in patients with major depressive disorder (MDD and healthy subjects using diffusion tensor imaging (DTI. We studied 30 patients with MDD (17 males and 13 females, with mean age ± standard deviation [SD] =44±12 years and 30 sex- and age-matched healthy controls (17 males and 13 females, aged 44±13 years. Using DTI analysis with a tract-based spatial statistics (TBSS approach, we investigated the differences in fractional anisotropy, radial diffusivity, and axial diffusivity distribution among the three groups (patients with the COMT gene Val158Met, those with the BDNF gene Val66Met, and the healthy subjects. In a voxel-wise-based group comparison, we found significant decreases in fractional anisotropy and axial diffusivity within the temporal lobe white matter in the Met-carriers with MDD compared with the controls (P<0.05. No correlations in fractional anisotropy, axial diffusivity, or radial diffusivity were observed between the MDD patients and the controls, either among those with the BDNF Val/Val genotype or among the BDNF Met-carriers. These results suggest an association

  13. Estudo de sintomas musculoesqueléticos, fatores de risco e exposição física em trabalhadores de escritório

    OpenAIRE

    Dechristian França Barbieri

    2013-01-01

    A alta incidência de distúrbios musculoesqueléticos em trabalhadores que utilizam o computador pode estar associada a diferentes fatores de risco como psicossociais, organizacionais e ergonômicos. Dentre os fatores de risco psicossociais, estão a satisfação do trabalhador com o trabalho, a intensidade e carga de trabalho e a relação entre demanda e controle que o trabalhador apresenta sobre seu trabalho. Embora esses fatores não sejam preponderantes no desenvolvimento das lesões musculoesquel...

  14. Fatores de risco na gagueira desenvolvimental familial e isolada Risk factors in the familial and sporadic developmental stuttering

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Moço Canhetti de Oliveira

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: investigar e comparar os achados dos fatores de risco para a cronicidade da gagueira em crianças com gagueira desenvolvimental familial e isolada. MÉTODOS: participaram 60 crianças de ambos os gêneros, divididas em dois grupos: GI - 30 crianças com gagueira desenvolvimental familial; GII - 30 crianças com gagueira desenvolvimental isolada. A coleta de dados foi realizada por meio do Protocolo de Risco para a Gagueira do Desenvolvimento - PRGD (Andrade, 2006, que considera os seguintes fatores de risco: idade, gênero, tipo de surgimento e tempo de duração das disfluências, tipologia das disfluências, fatores comunicativos e qualitativos associados, histórico mórbido pré, peri e pós natal, fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio, histórico familial, reação pessoal, familiar e social e atitudes familiares. RESULTADOS: quando o grupo I (GI foi comparado com o grupo II (GII, a única diferença estatisticamente significante foi com relação aos fatores estressantes que ocorreram próximo ao surgimento do distúrbio. CONCLUSÃO: os resultados confirmam a natureza complexa da gagueira, bem como a necessidade de se investigar os vários fatores considerados como de risco para o distúrbio, com intuito de melhorar a compreensão de suas possíveis etiologias.PURPOSE: to investigate and compare the risk factors for stuttering between children with familial developmental stuttering and children with sporadic developmental stuttering. METHODS: 60 children of both genders with stuttering took part, divided in two groups: GI - 30 children with familial developmental stuttering; GII - 30 children with sporadic developmental stuttering. Data were gathered through the Protocol of Risk for the Developmental Stuttering - PRGD (Andrade, 2006, which considers the following factors: age; gender; manner of onset and time of duration for the disfluencies; typology of the disfluencies; associated communicative

  15. Fatores de impacto de publicações psiquiátricas e produtividade científica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elkis Helio

    1999-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Mostrar que alguns índices bibliométricos, como o Fator de Impacto (FI e a análise de citações, são úteis para avaliação da repercussão científica de publicações psiquiátricas. Tais índices podem também ser empregados na avaliação de produtividade científica individual. MÉTODOS: Os fatores de impacto de periódicos psiquiátricos dos anos de 1995 e 1997 foram obtidos através do "Journal of Citation Reports". As curvas de distribuição foram analisadas através de histogramas e gráficos tipo caixa (box-plots. As médias das avaliações de 1995 e 1997 foram comparadas através do teste de soma de postos de Wilcoxon. RESULTADOS: As curvas de distribuição dos fatores de impacto em 1995 e 1997 mostraram não obedecer a uma distribuição normal. A média de ambas as avaliações girou em torno de 1,5. Houve um aumento significativo na média dos fatores de impacto de 1995 para 1997 ( Wilcoxon W=57 p=0,026. Três periódicos mantiveram os seus fatores de impacto várias vezes acima da média geral em ambas as avaliações ("outliers": "Archives of General Psychiatry", "American Journal of Psychiatry" e "Journal of Clinical Psychopharmacology". CONCLUSÕES: Os fatores de impacto são os melhores índices para avaliação do desempenho científico de publicações psiquiátricas. No entanto, no caso de avaliações da produtividade científica individual, esta também deve ser avaliada através de uma análise de citações.

  16. Leucemia: fatores prognósticos e genética Leukemia: genetics and prognostic factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Hamerschlak

    2008-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Apresentar as implicações da genética, particularmente das técnicas de citogenética, no diagnóstico e prognóstico das leucemias. FONTES DOS DADOS: Levantamento de artigos selecionados no MEDLINE, através dos programas educacionais da American Society of Hematology, Portal de Periódicos da CAPES, National Comprehensive Cancer Network e capítulos de livros. SÍNTESE DOS DADOS: Desde a descoberta por Peter C. Nowel e David Hungerford da translocação 9:22 (cromossomo Philadelphia em 1960, a genética passou a ter importante papel na hematologia, possibilitando, neste caso, o diagnóstico da leucemia mielóide crônica e abrindo portas para a pesquisa nesta área para toda a oncologia. Um ponto de altíssimo interesse é a implicação destes achados no prognóstico de diversos tipos de leucemia. Na leucemia mielóide aguda, o cariótipo é fundamental na decisão da terapêutica pós-remissão, e fatores moleculares definem o tratamento em indivíduos de cariótipo normal. Na leucemia mielóide crônica, a evolução clonal está associada à evolução para a fase blástica. Pacientes em uso de imatinibe com perda de resposta podem apresentar mutações do gene ABL. Finalmente, na leucemia linfóide aguda, fatores como hiperdiploidia, t 12:21, estão associados a bom prognóstico, ao passo que portadores da t 4:11 e t 9:22 são considerados de alto risco. CONCLUSÃO: A genética veio para ficar na hematologia e, em particular, no manuseio da leucemia e seus fatores prognósticos. Para a melhor evolução do paciente, estes estudos devem ser sempre realizados, e a conduta terapêutica adequada deve ser tomada.OBJECTIVE: To present the implications of genetics, particularly of cytogenetic techniques, for the diagnosis and prognosis of leukemia. SOURCES: A survey of articles selected from MEDLINE, American Society of Hematology educational programs, the CAPES web portal, the National Comprehensive Cancer Network and textbook

  17. Fatores ambientais associados ao sobrepeso infantil Environmental factors associated with childhood overweight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Farias de Novaes

    2009-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores ambientais intra-uterinos, perinatais e familiares associados ao sobrepeso infantil, ainda controversos na literatura. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com 627 crianças, de 6 a 10 anos, matriculadas em escolas urbanas públicas e privadas do município de Viçosa (MG. O estado nutricional das crianças foi classificado pelo índice de massa corporal, segundo a preconização do Centers for Disease Control and Prevention. Foram aferidas as medidas de peso, estatura, pregas cutâneas tricipital e subescapular, circunferências da cintura e do quadril e pressão arterial das crianças, sendo os fatores ambientais obtidos por meio de questionário, segundo informações maternas. Classificou-se o estado nutricional das mães segundo a recomendação do World Health Organization. RESULTADOS: Do total de crianças, 87,9% eram eutróficas e 12,1% apresentavam sobrepeso. De acordo com a análise de regressão logística múltipla, os fatores associados ao sobrepeso infantil foram apresentar mãe obesa (OR: 6,92; pOBJECTIVE: The objective of this study was to assess intrauterine, perinatal and family factors associated with childhood overweight, which are still controversial in the literature. METHODS: This cross-sectional study included a total of 627 children aged 6 to 10 years, who were enrolled in public and private schools in the city of Viçosa, Minas Gerais State. The nutritional status of the children was classified according to their body mass index, as recommended by the Centers for Disease Control and Prevention. The following data were collected: weight, height, tricipital and subscapular skinfold thicknesses, circumferences of the waist and hip, and blood pressure. The environmental factors were determined by means of a questionnaire, answered by the mother. The nutritional status of the mothers was classified according to the World Health Organization criteria. RESULTS: Out of 627 children, 551 were

  18. Fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suzane Albuquerque dos Santos Fukahori

    2017-02-01

    Full Text Available A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma condição clínica com múltiplas causas e é definida por níveis elevados e sustentados de pressão arterial, sendo considerada uma das principais doenças crônicas não transmissíveis que acometem a população idosa. Objetivou-se identificar os fatores de risco associados à hipertensão arterial em idosos. O presente trabalho trata-se de uma revisão integrativa, com busca realizada na Biblioteca Virtual em Saúde, por meio das bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, associados ao repositório SciELO, entre os anos de 2010 e 2015, com a utilização dos descritores combinados e síntese dos dados por meio de tabulações. Foram evidenciados como fatores de risco à hipertensão arterial nos idosos: a própria senilidade, o sexo feminino, excesso de peso, pior autopercepção de saúde, não adesão ao tratamento, incapacidade funcional, depressão e a inatividade física. Os resultados mostram o papel dos fatores de riscos para o desenvolvimento e complicações da hipertensão, todavia também são sinais para a detecção precoce e para a ampliação das intervenções de medidas de prevenção e controle nas diversas esferas de atendimento em saúde.Risk factors associated with arterial hypertension in elderlyAbstract: Systemic Arterial Hypertension is a clinical condition with multiple causes and is defined by elevated and sustained blood arterial pressure levels, being considered one of the main chronic non transmissible diseases that affect the elderly population. The aim of this study was to identify the risk factors associated with hypertension in the elderly. The present article deals with an integrative review, with a search carried out in the Virtual Health Library, through the LILACS, BDENF and MEDLINE databases, associated with the SciELO repository, between 2010 and 2015 years, using the descriptors combined and synthesis of the data by through tabulations. Senility, female gender

  19. Via, homem e veiculo: fatores de risco associados a gravidade dos acidentes de transito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Livia Freitas de Almeida

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO Analisar as características das vítimas, vias e veículos envolvidos em acidentes de trânsito e os fatores de risco de acidentes com ocorrência de óbito.  MÉTODOS Estudo de coorte não concorrente considerando os acidentes de trânsito em Fortaleza, CE, de janeiro de 2004 a dezembro de 2008. Foram utilizados dados do Sistema de Informação de Acidente de Trânsito de Fortaleza, do Sistema de Informações de Mortalidade, do Sistema de Informações Hospitalares e dos bancos de dados de Habilitação e Veículos do Departamento Estadual de Trânsito. Técnicas de relacionamento determinístico e probabilístico foram aplicadas para integrar as bases de dados. Efetuou-se a análise descritiva das variáveis relativas às pessoas, às vias, aos veículos e ao tempo. Foram utilizados os modelos lineares generalizados na investigação de fatores de risco para óbito por acidente de trânsito. O ajuste do modelo foi verificado pela razão de verossimilhança e análise ROC.  RESULTADOS Registraram-se 118.830 acidentes no período. Predominaram colisão/abalroamento (78,1%, atropelamentos (11,9% e choque com obstáculo fixo (3,9% e com motocicletas (18,1%. Ocorreram óbitos em 1,4% dos acidentes. Estiveram independentemente associados ao óbito por acidente de trânsito: bicicletas (OR = 21,2; IC95% 16,1;27,8, atropelamentos (OR = 5,9; IC95% 3,7;9,2, choque com obstáculo fixo (OR = 5,7; IC95% 3,1;10,5 e acidentes com motociclistas (OR = 3,5; IC95% 2,6;4,6. Os principais fatores contribuintes foram envolvimento de uma única pessoa (OR = 6,6; IC95% 4,1;10,73, presença de condutores não habilitados (OR = 4,1; IC95% 2,9;5,5 um único veículo envolvido (OR = 3,9; IC95% 2,3;6,4, sexo masculino (OR = 2,5; IC95% 1,9;3,3, tráfego em vias de jurisdição federal (OR = 2,4; IC95% 1,8;3,7, horário madrugada (OR = 2,4; IC95% 1,8;3,0 e dia de domingo (OR = 1,7; IC95% 1,3;2,2, todas ajustadas segundo modelo log-binomial.  CONCLUSÕES As a

  20. Polimorfismo Val108/158Met en el gen dopaminérgico catecol-o-metil transferasa (COMT en una población mixta peruana y su importancia para los estudios neuropsiquiátricos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Doris Huerta

    2007-12-01

    Full Text Available Introducción: El gen dopaminérgico catecol-o-metil transferasa (COMT, tiene un polimorfismo funcional Val108/158Met que da lugar a variantes de la enzima que cataliza la o-metilación de las catecolaminas activas, participando en el metabolismo de las drogas y neurotransmisores, como la L-dopa, norepinefrina, epinefrina y dopamina y, por consiguiente, puede asociarse a condiciones neuropsiquiátricas. Objetivos: Determinar las frecuencias genotípicas y alélicas del polimorfismo Val108/158Met del gen COMT en sujetos saludables de una población mixta peruana y establecer las implicancias para el estudio genético de enfermedades y otras condiciones neuropsiquiátricas. Diseño: Estudio descriptivo, observacional, transversal. Lugar: Centro de Investigación de Bioquímica y Nutrición ‘Alberto Guzmán Barrón’. Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Participantes: Ciento seis personas, hombres y mujeres, clínicamente saludables, sin enfermedades neurológicas ni mentales u otra patología similar, voluntarios con consentimiento informado, sin relación de parentesco, todos residentes en Lima, cuyas edades fluctuaban entre los 18 y 50 años. Intervenciones: Extracción del ADN genómico a partir de células de epitelio bucal, según metodología estándar. Amplificación mediante la PCR con primers específicos y digestión con la enzima de restricción NlaIII. Detección de fragmentos de restricción de longitud polimórfica (RFLP por electroforesis en gel de poliacrilamida al 6%, teñido con nitrato de plata. Principales medidas de resultados: Frecuencias genotípicas y alélicas del gen COMT en población mixta peruana. Resultados: Se encontró las frecuencias genotípicas Met/Met=0,0661, Val/Met=0,5094 y Val/Val=0,4245, siendo la distribución consistente con el equilibrio de Hardy-Weinberg (X² =3,0317, g.l.=1, p >0,05. Las frecuencias alélicas encontradas fueron alelo Val=0,68 y el alelo Met=0

  1. Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carvalho Aline de Mesquita

    2002-01-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25. Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1,82, 1,03-3,23. CONCLUSÃO: Idosos com quadro demencial apresentam maior risco de caírem e ser hospitalizados por fratura do que idosos sem demência. Tal fato implica a necessidade de cuidados especiais com esses indivíduos, visando a minimizar o risco desses acidentes.

  2. Associação entre peso de nascimento e fatores de risco cardiovascular em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Amenaide Carvalho Alves de Sousa

    2013-07-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Peso ao nascer (PN é um determinante de risco a médio e longo prazo de fatores de risco cardiovascular. OBJETIVO: Estudar a associação entre peso ao nascer e fatores de risco cardiovascular em adolescentes de Salvador. MÉTODOS: Estudo de corte transversal com grupos de comparação por PN. Amostra composta de 250 adolescentes, classificados segundo IMC: normal alto (>p50 e p85 ep95. As variáveis de risco para comparação foram: circunferência abdominal, pressão arterial, perfil lipídico, glicemia, insulina sérica, HOMA-RI e síndrome metabólica. Peso de nascimento foi informado pelos pais e classificado como baixo peso (PN 4.000g. RESULTADOS: Cento e cinquenta e três (61,2% meninas, idade 13,74 ± 2,03 anos, PN normal 80,8%, baixo PN 8,0% e alto PN 11,2%. Observou-se maior frequência de obesidade (42,9%, p=0,005, PAS e PAD elevadas (42,9%, p=0,000 e 35,7%, p=0,007, respectivamente e síndrome metabólica (46,4%,p =0,002 no grupo com PN alto em relação ao PN normal. Indivíduos de alto PN apresentaram RP para PAS elevada 3,3(I.C. 95%, 1,7-6,4 e para obesidade 2,6 (I.C. 95%, 1,3-5,2 em relação aos com PN normal. A CA foi 83,3 ± 10,1 [p=0,038] nos adolescentes com alto PN. O perfil lipídico não mostrou diferenças estatisticamente significantes. CONCLUSÃO: Os dados sugerem que obesidade, PAS e PAD elevadas e síndrome metabólica na adolescência têm chance significativa de associar-se a alto peso no nascimento.

  3. Fatores de risco e emocionais na voz de professores com e sem queixas vocais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Batista da Costa

    2013-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: analisar a interferência dos fatores de riscos e emocionais na voz de professores com e sem queixa. MÉTODO: a amostra foi composta de 44 professores. Utilizou-se uma ficha com dados pessoais e profissionais, três questionários referentes aos aspectos vocais e dois questionários para dados relacionados à emoção, sobretudo ansiedade, além da coleta de voz para análise perceptivo-auditiva. Os grupos foram divididos a partir do número de sintomas relatados, estabelecendo um número de 22 voluntários no grupo de Professores Sem Queixa (PSQ e 22 no grupo Professores Com Queixas (PCQ, sendo deste grupo, os indivíduos que relataram mais de três sintomas vocais. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: a média do número de sintomas descritos no QSSV foi de 5,7 (±2,8 para os PCQ e de 0,8 (±0,9 para os PSQ. Os PSQ referiram uma melhor autoavaliação vocal (p= 0,01 e os PCQ afirmaram possuir um maior comprometimento em sua voz (p= 0,001. O grupo PSQ obteve os maiores valores nos escores do QVV-Físico (p=0,0007 e QVV-Total (p= 0,0006. Os PCQ obtiveram maiores valores no IDV-Total (p=0,0003 e IDV-Orgânico (p=0,0006, e um maior comprometimento emocional, com SRQ de 5,7 (±3,9 e IDATE 42,5 (±12,7. A partir da avaliação perceptivo-auditiva, os PCQ apresentaram um desvio vocal moderado com presença de rugosidade, soprosidade e tensão na voz, enquanto os PSQ evidenciam um desvio leve em todos os parâmetros. CONCLUSÃO: os professores com queixas vocais estão expostos a mais fatores de riscos, além de relatarem mais sintomas e comprometimento vocais, bem como emocionais.

  4. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina de Souza Carneiro

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Avaliar a prevalência de excesso de peso (EP e fatores associados em adolescentes. Métodos: Estudo transversal realizado em escolas públicas e privadas de Goiânia (GO. Foram analisados adolescentes de 12 a 18 anos (n = 1.169 por meio de questionário padronizado. A prevalência de EP foi avaliada pelas curvas de crescimento da Organização Mundial da Saúde (OMS de Índice de Massa Corporal (IMC por idade. As associações entre as variáveis sociodemográficas, de antecedentes familiares de obesidade, de estilo de vida e de pressão arterial com o EP foram analisadas por intermédio da razão de prevalência bruta e ajustada por meio da regressão múltipla de Poisson. Resultados: A prevalência de EP foi de 21,2%, sendo 14,1% de sobrepeso e 7,1% de obesidade, com diferenças significativas entre gêneros (26,3% dos rapazes versus 16,8% das moças. Na análise de Poisson, a obesidade materna (RP = 1,86; p = 0,004 foi associada com a maior prevalência de EP no sexo masculino, e aqueles com idade entre 15 e 18 anos tiveram menor prevalência de EP quando comparados àqueles com idade entre 12 e 14 anos (RP = 0,70; p = 0,021. No sexo feminino, a presença de pais obesos (RP = 2,42; p < 0,001 associou-se a maior prevalência de EP, e as moças pertencentes à classe C tiveram menor prevalência de EP (RP = 0,67; p = 0,035. Conclusões: O EP em adolescentes esteve associado ao gênero, à obesidade familiar, e a melhor classificação socioeconômica - fatores que devem ser o foco do planejamento de intervenções específicas na promoção da saúde.

  5. FATORES SOCIOAMBIENT AIS DETERMINANTES DE PARASITOSES INTESTINAIS NA LOCALIDADE HOMERO FIGUEIREDO, FEIRA DE SANTANA, BAHIA, BRASIL.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alany Santos Oliveira

    2015-01-01

    Full Text Available As parasitoses intestinais são doenças cujos agentes etiológicos são helmintos ou protozoários,que se apresentam de forma endêmica em diversas áreas do Brasil, constituindo-se em um dosprincipais problemas de saúde pública, devido ao difícil acesso ao saneamento básico e àeducação pela população mais carente, já que a transmissão desses agentes está diretamenterelacionada com as condições de vida e de higiene da população. O presente trabalho teve comoobjetivo identificar os fatores socioambientais determinantes na disseminação de helmintos eprotozoários entre os indivíduos da localidade Homero Figueiredo, Feira de Santana - BA, localque possui abastecimento de água e esgotamento sanitário. Para isso, foram aplicadosformulários individuais e familiares, a fim de verificar os aspectos epidemiológicos dapopulação em estudo. Além disso, foi realizado o parasitológico de fezes da população, parapesquisa de helmintos e protozoários. A partir dos resultados obtidos no inquérito realizado edas análises parasitológicas, pôde-se constatar que houve positividade em relação às parasitosesintestinais, apesar da presença de condições mínimas de saneamento, como abastecimento deágua e coleta e tratamento de esgoto, e que alguns hábitos podem implicar em riscos decontaminação por parasitos. Diante do exposto, conclui-se que o índice de parasitos e comensaisintestinais em uma localidade está associado a fatores culturais e econômicos, bem como ascondições ambientais presentes no local de habitação e convívio social. Há de se considerar que,além da melhoria das condições sócio-econômicas e da infraestrutura geral, é necessário,também, o engajamento comunitário que é um dos aspectos fundamentais para implantação,desenvolvimento e sucesso dos programas de controle.

  6. Finanças comportamentais: fatores que influenciam os consumidores na hora da compra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Pereira da Silva

    2011-01-01

    Full Text Available Este trabalho objetiva estabelecer as principais influências comportamentais dos consumidores na hora da compra em lojas da cidade de Caruaru-PE. A pesquisa foi realizada com consumidores da cidade de Caruaru-PE, no North Shopping, antigo Shopping Caruaru, e no centro da cidade. A amostra dessa pesquisa foi de 200 consumidores, apresentando os seguintes resultados: 50% do público declara ser o preço o fator determinante ao escolher um produto, quando a qualidade do produto não está em questão. No que diz respeito a satisfazer as necessidades de auto-estima, o status da marca é fator decisivo de influência, com 23% das opiniões. Pela pesquisa aplicada, constata-se que, com 31% do total, o sábado é o dia preferido para fazer compras, pela maior disponibilidade de tempo, de produtos ofertados, quer seja no comércio, nas feiras livres ou nos shoppings da cidade. E há a possibilidade de contar com companhia de terceiros, tornando o ato do consumo mais atrativo. Diante de tudo que foi estudado e analisado nesta pesquisa, concluí-se que o comportamento do consumidor deve ser estudado por todos que ofertem algum produto ou serviço, uma vez que o mesmo é determinante na decisão de compra e no sucesso de uma empresa.Abstract This work aims to establish the main influences consumer behavior when buying from stores across the city of Caruaru-PE. The survey was conducted with consumers of the city of Caruaru-PE, North Mall, Shopping Caruaru old, and in the city center. The sample of this study was 200 consumers, with the following results: 50% of the public claims to be the price the determining factor when choosing a product, where product quality is not an issue. Regarding the needs of self-esteem, status of the brand is a decisive factor of influence, with 23% of reviews. For applied research, it appears that, with 31% of the total, Saturday is the favorite day to shop, the greater availability of time, products offered, whether in trade

  7. A hospitalização como fator de seleção em estudo de casos e controles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique Klein

    Full Text Available Neste artigo se demonstra que, se os riscos relativos de hospitalização de expostos em relação aos não-expostos ao fator em investigação nos grupos de comparação hospitalares casos e não-casos da doença-objeto, são diferentes, a estimativa da Razão de Produtos Cruzados (RPC será distorcida. Essa distorção pode se dar em qualquer direção, para mais ou para menos, quer dizer, tanto a estimativa de risco (RPC pode ser sub como superestimada, devido ao fator de seleção da hospitalização. Por fim, deriva-se uma expressão algébrica que permite corrigir a estimativa de RPC.

  8. Fatores anteriores ao ingresso como preditivos de evasão nos anos iniciais dos cursos superiores de tecnologia

    OpenAIRE

    Rafaela de Menezes Souza Brissac

    2009-01-01

    Resumo: A evasão de estudantes do ensino superior evidencia-se como fenômeno complexo, com conseqüências de ordem pessoal, institucional e social. Entre os estudos que buscam aprofundar o conhecimento sobre este fenômeno encontram-se os que se detém a pesquisar as causas e fatores associados à evasão de alunos neste nível de ensino. No que se refere às variáveis associadas à ocorrência da evasão, os estudos têm mostrado que é possível localizar fatores que são anteriores ao ingresso do estuda...

  9. Conhecimento sobre fatores de risco para hipertensão arterial sistêmica por discentes do curso de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ayla de Araujo Beserra

    2017-03-01

    Full Text Available Dentre as doenças crônicas não transmissíveis, a hipertensão arterial sistêmica (HAS é o maior problema de saúde social dos países desenvolvidos e em muitos dos emergentes. Nesse sentindo, objetivou-se identificar os fatores de risco dos discentes de enfermagem para o desenvolvimento da HAS em um centro de ensino superior de saúde na cidade de Arcoverde, Pernambuco. Trata-se de um estudo de caráter descritivo e exploratório com abordagem quantitativa. A amostra foi composta por 33 discentes, que cursavam o primeiro e o sexto período do curso superior de enfermagem. As variáveis estudadas foram: identificações, socioeconômicos e comportamentais. Em relação ao gênero, dos alunos consultados, apresentaram-se em maior porcentagem os do gênero feminino, informando que fazem uso de bebida alcoólica e apresentam hábitos saudáveis de alimentação. Evidenciou-se à inatividade física, sendo o fator mais citado dos riscos modificáveis, e os antecedentes familiares e a raça, fatores estes intrínsecos não modificáveis. Quanto ao nível de conhecimento sobre a HAS, nos dois períodos, é caracterizado como insuficiente sobre a doença hipertensiva. Torna-se necessário aprofundar alguns conhecimentos sobre HAS dos estudantes e a implementação de orientações sobre a prática de atividade física como um fator preventivo para HAS.

  10. Habilidades sociais: fator de proteção contra transtornos alimentares em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Giron Uzunian

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo O objetivo desse estudo foi revisar a literatura a cerca da relação entre transtornos alimentares e habilidades sociais em adolescentes. Pesquisou-se as bases de dados Medline, SciELO e Lilacs, cruzando os descritores “transtornos alimentares”, “anorexia nervosa”, “bulimia nervosa” e “comportamento alimentar”, com os descritores “psicologia social” e “isolamento social”, e com as palavras chave “competência social”, “habilidade social” e “relação interpessoal”. Incluiu-se estudos com adolescentes, nos idiomas português, inglês e espanhol, e publicações realizadas entre os anos de 2007 a 2012. A busca resultou em 63 artigos, sendo incluídos 50 nesta revisão. A maioria dos estudos foi conduzido no Brasil e nos Estados Unidos. Do total, 43 eram artigos originais. Os estudos visavam compreender como o estado emocional poderia influenciar no estabelecimento dos transtornos alimentares, assim como as relações interpessoais e a relação entre os pares. Os artigos também discutiram a influência da mídia e da sociedade neste processo. A partir da análise dos estudos, observou-se que quanto maior o repertório de habilidades sociais dos adolescentes, maior será o fator de proteção contra o desenvolvimento de transtornos alimentares.

  11. INOVAÇÃO EM ORGANIZAÇÕES DE ENSINO: FATORES CONTRIBUINTES E DESEMPENHO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Favio Akiyoshi Toda

    2015-06-01

    Full Text Available O estudo teve como objetivo avaliar a adoção de inovações sob a perspectiva de fatores internos às organizações, examinando a relação da inovação com a liderança transformacional e o clima organizacional de suporte à inovação. O método de pesquisa adotado foi a survey. A população-alvo do estudo consistiu de 358 escolas municipais do Rio de Janeiro; a amostra final consistiu de 102 escolas, tendo respondido ao questionário 1099 professores e 140 diretores. Os resultados, usando modelagem de equações estruturais, mostraram o efeito da liderança sobre o clima organizacional de suporte à criatividade e inovação, e deste, por sua vez, sobre o desempenho inovador da organização. O estudo contribui para o entendimento da inovação em organizações burocráticas e estruturas mecanísticas.

  12. Experiências de parentalidade como fatores geradores de sofrimento em mulheres

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Langaro

    2015-08-01

    Full Text Available Durante o trabalho realizado por meio de um Projeto de Extensão em Saúde Mental na Grande Florianópolis, percebeu-se que o relato de sofrimento das mulheres participantes estava relacionado às suas ex periências de maternidade e paternidade. A partir desta problemática, foi realizada uma pesquisa com o objetivo de compreender de que forma as experiências de parentalidade estavam se constituindo em fatores geradores de sofrimento naquelas mulheres. Para tanto, realizaram-se cinco entrevistas individuais e um grupo focal. Os dados coletados foram discutidos em quatro categorias de análise, tendo sido destacado que o sofrimento das participantes estava relacionado principalmente à vivência da parentalidade a partir de modelos tradicionais de gênero, caracterizados pela centralidade do perfil de mãe; às diferenças na responsabilidade pela educação dos filhos/filhas, assumida por homens e mulheres; à idade dos filhos/filhas e, finalmente, à vivência de dúvidas e incertezas que nem sempre podem ser mediadas em seu cotidiano.

  13. Fatores associados à experimentação do narguilé entre adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline C. Reveles

    2013-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência e analisar os fatores associados à iniciação do uso do narguilé entre adolescentes. MÉTODOS: trata-se de um estudo epidemiológico transversal. Foram coletados 495 questionários dos estudantes das escolas da rede de ensino público e privado da área urbana do município de Várzea Grande/MT. Para análise dos dados foram realizadas análises descritiva, bivariada e regressão múltipla de Poisson. RESULTADOS: experimentaram o narguilé 19,7% dos estudantes. O uso do narguilé está associado com o período final da adolescência [RP = 6,54 (2,79; 15,32], estarem matriculados nas escolas particulares [RP = 2,23 (1,73; 2,88] e exercerem atividades laborativas [RP = 1,80 (1,17; 2,78]. CONCLUSÃO: a proporção de adolescentes que experimentaram o narguilé foi elevada. Observou-se influência da idade do escolar, de atividades laborativas e do período das aulas para iniciação do tabagismo por esta forma. Medidas preventivas que abrangem as formas do tabaco devem ser direcionadas aos adolescentes, no ambiente escolar, como forma de controle do tabagismo.

  14. Fatores associados ao aborto induzido entre jovens pobres na cidade de São Paulo, 2007

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rebeca de Souza e Silva

    2012-12-01

    Full Text Available Esse artigo investiga fatores associados ao aborto induzido entre jovens residentes numa comunidade pobre da cidade de São Paulo. A amostra foi composta por 102 homens e 99 mulheres de 14 a 25 anos de idade que já haviam iniciado suas vidas sexuais. Usou-se o modelo hierárquico de regressão logística. As variáveis não ter companheiro sexual no momento da entrevista, sexo do entrevistado, idade no momento da entrevista, priorizar morar só e número de gestações compuseram o modelo final. Dar muita importância a morar só quadruplica a chance de ocorrer um aborto. Jovens mais velhos foram menos propensos a se deparar com um aborto, dado que a chance de se optar pelo aborto se reduz 17% para cada incremento de um ano na idade dos jovens. Isso é indicativo de que as gestações ocorreram de forma inesperada, intempestiva, como é praxe nas condutas adolescentes, sendo as maiores candidatas a terminarem em aborto provocado. Evidencia-se, portanto, a necessidade de serem investidos recursos financeiros para obtenção de métodos contraceptivos eficazes e inócuos, destinados ao início da vida sexual.

  15. Prevalência e fatores associados a acidentes de trânsito com mototaxistas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilmara Celli Maia de Almeida

    2016-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar a prevalência de acidentes motociclísticos envolvendo mototaxistas e fatores associados. Método: estudo transversal e exploratório, com aplicação de questionários aos mototaxistas das 32 praças de Caicó, Rio Grande do Norte, Brasil (N=420. Resultados: os mototaxistas têm alta carga horária de trabalho diária (12 horas em média e foi verificado que 63,6% já se envolveram em pelo menos um acidente motociclístico. A ocorrência de acidentes motociclísticos foi associada significativamente apenas com escolaridade (p<0,001, não havendo associação significativa com as demais variáveis, tais como idade (p=0,132, tempo de serviço (p=0,744 e carga horária de trabalho (p=0,830. Conclusão: é necessário implementar ações preventivas e educativas com os mototaxistas e usuários do serviço acerca dos acidentes e condutas emergenciais, devido à constante exposição a acidentes durante sua rotina de trabalho.

  16. Câncer de estômago: fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Valéria de Britto

    Full Text Available Há cinqüenta anos o câncer de estômago vem perdendo a importância em termos de morbi-mortalidade em países considerados de primeiro mundo. Isso não ocorre no Brasil. Os principais fatores de risco evidenciados a partir de estudos epidemiológicos em várias populações do mundo e associados a essa neoplasia são alguns padrões de dieta. Com a descoberta do papel carcinogênico das nitrosaminas e do potencial anti-oxidante da vitamina C, algumas das associações entre câncer gástrico e padrões de dieta passaram a ser parcialmente entendidas. Com a descrição da Helicobacter pylori em 1983 e as evidências da relação dessa bactéria com certos processos patológicos do estômago, alguns precursores do câncer gástrico, novos elementos foram agregados ao processo fisiopatológico dessa entidade. O conhecimento hoje adquirido sobre a fisiopatologia do câncer gástrico, mesmo que parcial, fornece perspectivas estimulantes para prevenção e diagnóstico precoce.

  17. Câncer de estômago: fatores de risco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Britto Anna Valéria de

    1997-01-01

    Full Text Available Há cinqüenta anos o câncer de estômago vem perdendo a importância em termos de morbi-mortalidade em países considerados de primeiro mundo. Isso não ocorre no Brasil. Os principais fatores de risco evidenciados a partir de estudos epidemiológicos em várias populações do mundo e associados a essa neoplasia são alguns padrões de dieta. Com a descoberta do papel carcinogênico das nitrosaminas e do potencial anti-oxidante da vitamina C, algumas das associações entre câncer gástrico e padrões de dieta passaram a ser parcialmente entendidas. Com a descrição da Helicobacter pylori em 1983 e as evidências da relação dessa bactéria com certos processos patológicos do estômago, alguns precursores do câncer gástrico, novos elementos foram agregados ao processo fisiopatológico dessa entidade. O conhecimento hoje adquirido sobre a fisiopatologia do câncer gástrico, mesmo que parcial, fornece perspectivas estimulantes para prevenção e diagnóstico precoce.

  18. O grupo como fator de inclusão socioafetiva na terceira idade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra Cardoso da Silva

    2013-09-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1807-0221.2013v10n15p44 O objetivo deste trabalho é o de demonstrar que a Dinâmica de Grupos - Grupo de Encontros Rogeriano - é fator de interação social na Terceira Idade, promovendo a integração dos idosos em grupos substitutivos devolvendo-lhes a auto-estima e cidadania. A experiência foi realizada no NETI / UFSC, com vários grupos a partir de 2001. Efetuaram-se 30 encontros com duração de duas horas cada sessão, ministrado por 2 facilitadoras . Como conclusão constatou-se que existe um processo adaptativo na velhice estimulando a formação dessas mudanças é multidimensional: a área emcional facilita a expressão dos sentimentos positivos; na cognitiva estimula aprendizagens relativas ao seu Eu e ao dos Outros; na comportamental á competência pessoal e social.

  19. Fatores de risco para mortalidade neonatal precoce Risk factors for early neonatal mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Schoeps

    2007-12-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco da mortalidade neonatal precoce. MÉTODOS: Estudo caso-controle de base populacional com 146 óbitos neonatais precoces e amostra de 313 controles obtidos entre os sobreviventes ao período neonatal, na região sul do município de São Paulo, no período de 1/8/2000 a 31/1/2001. As informações foram obtidas por meio de entrevistas domiciliares e prontuários hospitalares. Foi realizada análise hierarquizada em cinco blocos com características: 1 socioeconômicas das famílias e das mães; 2 psicossociais maternas; 3 biológicas e da história reprodutiva materna; 4 do parto; 5 do recém-nascido. RESULTADOS: Os fatores de risco para a mortalidade neonatal precoce foram: Bloco 1: baixa escolaridade do chefe da família (OR=1,6; IC 95%: 1,1;2,6; domicílio em favela (OR=2,0; IC 95%: 1,2;3,5, com até um cômodo (OR=2,2; IC 95%: 1,1;4,2; Bloco 2: mães com união recente (OR=2,0; IC 95%: 1,0;4,2 e sem companheiro (OR=1,8; IC 95%: 1,1;3,0, presença de maus tratos (OR=2,7;1,1-6,5; Bloco 3: presença de intercorrência na gravidez (OR=8,2; IC 95%: 5,0;13,5, nascimento prévio de baixo peso (OR=2,4; IC 95%: 1,2;4,5; pré-natal ausente (OR=16,1; IC 95%: 4,7;55,4 ou inadequado (OR=2,1; IC 95%: 2,0;3,5; Bloco 4: presença de problemas no parto (OR=2,9; IC 95%: 1,4;5,1, mães que foram ao hospital de ambulância (OR=3,8; IC 95%: 1,4;10,7; Bloco 5: baixo peso ao nascer (OR=17,3; IC 95%: 8,4;35,6, nascimento de pré-termo (OR=8,8; IC 95%: 4,3;17,8. CONCLUSÕES: Além dos fatores proximais (baixo peso ao nascer, gestações de pré-termo, problemas no parto e intercorrências durante a gestação, identificou-se a participação de variáveis que refletem exclusão social e de fatores psicossociais. Esse contexto pode afetar o desenvolvimento da gestação e dificultar o acesso das mulheres aos serviços de saúde. A assistência pré-natal adequada poderia minimizar parte do efeito dessas variáveis.OBJECTIVE: To

  20. Fatores de risco cardiovascular em adultos jovens de um município do Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emiliana Bezerra Gomes

    2012-08-01

    Full Text Available Objetivou-se averiguar fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens num interior do Nordeste brasileiro. Estudo quantitativo realizado com 351 escolares adultos jovens de 12 escolas públicas em Juazeiro do Norte, Ceará, selecionados aleatoriamente e estratificados por escola e turno. Os resultados apresentaram maioria feminina, mestiça, conciliando estudo e trabalho, sem companheiro(a e morando com os pais. Houve sedentarismo (57,3%, obesidade/sobrepeso (19,4%, adição de sal à comida (54,4%, ingestão alcoólica (76,1%, hipertensão arterial (1,1% com 50% de não adesão ao tratamento, diabetes mellitus (0,6% e antecedentes familiares de doenças cardiovasculares (86,3%. Caracterizar os riscos cardiovasculares entre os adultos jovens direciona ações de saúde e potencialidades nas parcerias com as escolas.

  1. FATORES DE RISCO NA REPETIÇÃO DE GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eulália Maria Chaves-Maia

    2009-01-01

    Full Text Available A fim de traçar o perfil biopsicossocial de adolescentes com repetição de gravidez e seus fatores associados, investigou-se questões socio-demográficas, variáveis biológicas e psicológicas de 50 adolescentes multigestas.Os dados analisados através de estatística descritiva apontam que a maioria das adolescentes não frequentava a escola e vivia em união estável, que 54% não fez uso de métodos contraceptivos na primeira relação sexual e 88% nunca participou dos programas de Planejamento Familiar. Assim, políticas públicas de educação sexual e reprodutiva devem identificar comportamentos sexuais de risco, atuar na construção de valores familiares e no planejamento das gestações.

  2. Fatores de risco na adolescência: discutindo dados do DF

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Tarouquella Brasil

    2006-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar e discutir situações de risco psicossocial em adolescentes do Distrito Federal tomando por base a Teoria dos Sistemas Ecológicos. Foram aplicados 852 questionários em adolescentes de escolas públicas do DF, localizadas em regiões previamente selecionadas e com indicadores de risco psicossocial. Os resultados mostram que a violência, as tentativas de suicídio, a presença de drogas e a sexualidade são fatores de risco para os jovens. Contudo, estes adolescentes têm desenvolvido estratégias efetivas para a promoção de sua saúde, como o uso de preservativos nas relações sexuais, a convivência familiar cotidiana, a expectativa de apoio de vizinhos e líderes comunitários. Percebe-se que esta pode ser uma realidade específica do DF e salienta-se a necessidade de construção de Políticas Públicas que beneficiem as questões de prevenção à violência intrafamiliar, e também a obtenção de sustentabilidade econômica destes jovens.

  3. Investimentos em infra-estrutura e produtividade total dos fatores na agricultura brasileira: 1985-2004

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Magno Mendes

    2009-06-01

    Full Text Available Investimentos em infra-estrutura no Brasil reduziram-se significativamente desde a década de 1980, possivelmente comprometendo a Produtividade Total dos Fatores (PTF e a competitividade da agropecuária. Uma adaptação do modelo de Zhang and Fan (2004 para a Índia, utilizando-se o Método Generalizado de Momentos, foi aplicada para verificar os efeitos dos investimentos em infra-estrutura na PTF. Estimou-se que esses investimentos afetam a PTF logo nos primeiros anos, com retorno ocorrendo de 0 a 2 anos. Dos elementos de infra-estrutura analisados, investimentos em rodovia tiveram o maior impacto na PTF, seguidos por investimento em pesquisa, telecomunicações, irrigação e energia elétrica.Infrastructure investments in Brazil were reduced significantly since the decade of 1980, possibly compromising Total Factor Productivity (TFP and agricultural competitivity. In this paper, Solow's growth model with panel data is used to estimate TFP. An adaptation of the model of Zhang and Fan (2004 for India, using the Generalized Method of Moments, was applied to find effect of infrastructure investments on TFP. Estimations suggest that these investments affect agriculture TFP in the first years and its return occurs in the period of 0 to 2 years. Road investments have the highest impact on TFP, followed by investments on research, telecommunications, irrigation, and electric energy.

  4. Fatores de risco para complicações em extremidades inferiores de pessoas com diabetes mellitus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Emília Pace

    2002-10-01

    Full Text Available O estudo analisou fatores de risco para complicações em pés de pessoas com diabetes em Unidade Ambulatorial. Os dados foram obtidos por meio de entrevista semi-estruturada, avaliação de pés e exames laboratoriais. Os riscos tiveram a análise segundo Zavala e Braver e Sistema de Classificação do Consenso Internacional sobre Pé Diabético, mediante estatística descritiva. Nos resultados, a idade média foi 53,3±13 anos, tempo da doença 12,9±9 e 58% tinham ensino fundamental incompleto. Dentre os riscos, identificou-se complicações microvasculares, hipertensão arterial, nível glicêmico inadequado, sedentarismo, uso de sapatos inapropriados, somadas às alterações dermatológicas e estruturais. No risco para úlceras, obteve-se 19,1% entre as categorias 2 e 3. Os dados reforçaram necessidade de atendimento primário com ênfase na avaliação de riscos e educação do paciente.

  5. Fatores de risco e de proteção em adolescentes vítimas de abuso sexual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeane Lessinger Borges

    2013-09-01

    Full Text Available Este artigo refere-se a uma pesquisa qualitativa que visou identificar os fatores de risco e de proteção em casos de abuso sexual na adolescência. Foram entrevistadas duas meninas adolescentes vítimas de abuso sexual, de um município do Interior do Rio Grande do Sul. Os dados das entrevistas foram analisados por meio da Análise de Conteúdo (Bardin, 1977. Em relação aos resultados, percebe-se uma presença maior de fatores de risco do que de fatores de proteção no momento atual de vida das adolescentes, o que merece uma atenção especial por parte dos serviços que atendem estes casos. Sugerem-se pesquisas referentes aos estudos relacionados à resiliência e aos aspectos positivos da vida do ser humano, em vítimas de abuso sexual, buscando fortalecer os aspectos saudáveis das vítimas e ajudá-las a reconstruir sua vida.

  6. Fatores associados à exposição ocupacional com material biológico entre profissionais de enfermagem

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Bruna da Silva Negrinho

    Full Text Available RESUMO Objetivo: identificar os fatores associados à exposição ocupacional com material biológico entre profissionais de enfermagem. Método: estudo transversal, realizado em um hospital, de alta complexidade, do interior do Estado de São Paulo, Brasil. Foram entrevistados profissionais de enfermagem no período de março a novembro de 2015. Todos os aspectos éticos foram contemplados. Resultado: dentre 226 profissionais entrevistados, 17,3% sofreram exposição ocupacional com material biológico potencialmente contaminado, sendo 61,5% por via percutânea. Fatores, como a faixa etária (p=0,003, a experiência na enfermagem (p=0,015 e na instituição, (p=0,032 estiveram associados ao acidente. Conclusão: a maior parte dos acidentes com material biológico entre os profissionais de enfermagem ocorreu por via percutânea sendo que a idade, experiência profissional e na instituição compreenderam fatores associados à exposição ocupacional.

  7. Fatores associados ao baixo conhecimento sobre HIV/AIDS entre homens que fazem sexo com homens no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel Regina de Freitas Magalhães Gomes

    2017-10-01

    Full Text Available Este estudo transversal analisou os fatores de vulnerabilidade social, individual e programática associados ao baixo conhecimento em HIV/AIDS entre homens que fazem sexo com homens (HSH. A técnica amostral Respondent Driven Sampling (RDS foi utilizada em dez cidades brasileiras. Os escores de conhecimento em HIV/AIDS foram estimados pela Teoria de Resposta ao Item e categorizados em três níveis: alto, médio e baixo conhecimento. O modelo de regressão logística ordinal foi utilizado para a análise. Dentre os 3.746 HSH, encontrou-se 36,6%, 37,4% e 26% com alto, médio e baixo conhecimento, respectivamente. No modelo final, apresentaram associação com o baixo conhecimento: escolaridade ≤ 8 anos, cor da pele não branca, critério de classe econômica C e D-E, idade < 25 anos, ter somente um parceiro sexual e nunca ter feito o teste anti-HIV. É fundamental melhorar o nível de conhecimento sobre HIV/AIDS entre os jovens HSH, com condições socioeconômicas desfavoráveis. Intervenções focadas nos fatores de vulnerabilidade programática podem contribuir para a redução dos fatores individual e social.

  8. Fatores de risco relacionados com suicidios em Palmas (TO, Brasil, 2006-2009, investigados por meio de autopsia psicossocial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neci Sena-Ferreira

    2014-01-01

    Full Text Available Este artigo objetiva analisar e descrever os fatores de risco e seus determinantes, associados a 24 casos de suicídios ocorridos na cidade de Palmas (TO, no período de 2006 a 2009. Utilizou-se o método de autópsia psicológica e psicossocial, a qual, por meio de entrevistas com familiares, busca investigar os suicídios consumados, contextualizando características da vida do sujeito, e compreender os processos familiares e as circunstâncias afetivas, sociais, econômicas e culturais, fundamentando-se na reconstrução da história e da personalidade da pessoa. Os fatores socioeconômicos associados foram: ser do sexo masculino, solteiro, de cor parda, estar na faixa etária de 20 a 40 anos e com ensino fundamental. Os principais fatores de risco identificados foram: transtornos mentais, abuso de álcool e outras drogas, relacionamento familiar conturbado e histórico de tentativas anteriores. Buscamos contextualizar e refletir sobre alguns casos relatados pelos familiares e sobre a resposta das equipes de saúde às demandas das famílias. A necessidade de implantar programas de prevenção e de capacitar os profissionais da atenção básica foi verificada.

  9. Prevalência de transtornos mentais entre crianças e adolescentes e fatores associados: uma revisão sistemática

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daianna Lima Thiengo

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivo O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática para identificar os transtornos mais prevalentes na infância e adolescência e possíveis fatores associados. Métodos Várias bases eletrônicas de dados foram pesquisadas. Foram considerados critérios de inclusão: estudos epidemiológicos de base populacional; observacionais; com instrumentos validados; publicados em inglês, espanhol ou português; e que obtiveram pontuação acima de 12 pontos conforme critérios metodológicos do Checklist for Measuring Quality. Resultados Os transtornos mais frequentes encontrados pelos estudos, respectivamente, foram: depressão, transtornos de ansiedade, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH, transtorno por uso de substâncias e transtorno de conduta. Fatores que mais se mostraram associados aos diferentes transtornos foram: fatores biológicos, fatores genéticos e fatores ambientais. Conclusão O conhecimento desses transtornos e seus potenciais fatores de risco trazem a possibilidade de desenvolvimento de programas de intervenção focados em prevenir ou atenuar os efeitos destes.

  10. Prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Mathioni Mertins

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: Identificar a prevalência de fatores de risco em pacientes com infarto agudo do miocárdio, internados em uma Unidade de Terapia Intensiva Coronariana de um hospital da região noroeste do estado do Rio Grande do Sul ̸ Brasil. Metodologia: Estudo quantitativo, descritivo e transversal, realizado no período compreendido entre 25 de abril a 25 de junho de 2012, com 48 pacientes. As variáveis de interesse para este estudo foram as condições sociodemográficas, dados antropométricos, hábitos alimentares e fatores de risco cardiovascular. Resultados: A idade média foi de 59,9 ± 11,55 anos, com predominância do sexo masculino (81,3%, de cor branca (83,3%, casados (70,8%, ensino fundamental incompleto (72,9%, aposentados (37,5%, renda menor que três salários mínimos (58,3% e procedentes da região urbana (72,9%. A prevalência dos fatores de risco se distribuiu da seguinte forma: sedentarismo (91,7%, hipertensão arterial sistêmica (63,8%, estresse (50%, circunferência abdominal alterada (50%, história familiar (43,7%, tabagismo (41,7%, sobrepeso (35,5%, obesidade (33,4%, dislipidemia (23%, diabetes mellitus (20,8% e consumo de álcool (12,5%. Conclusão: Os dados apresentados mostram a elevada prevalência de fatores de risco em pacientes que tiveram infarto agudo do miocárdio e nos direcionam a entender o papel da educação em saúde como estratégia para reduzir as causas de morbimortalidade, além de propor ações de cuidado e autocuidado e mudanças nos hábitos de vida.  Descritores: Fatores de Risco; Infarto do Miocárdio; Educação em Saúde (Fontes: DeCS e BIREME.

  11. FATORES ASSOCIADOS À MORTALIDADE INFANTIL EM MUNICÍPIO COM ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO ELEVADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Volpato Kropiwiec

    2017-09-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar os fatores associados à mortalidade infantil em município com bom desenvolvimento socioeconômico. Métodos: Estudo de coorte retrospectivo com 7.887 nascidos vivos do ano de 2012 registrados no Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC e associados por meio de linkage com o Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM para identificação dos óbitos ocorridos no primeiro ano de vida. Os fatores de risco foram hierarquizados em três níveis de determinação: distal, intermediário e proximal. Os modelos de regressão logística binomial e o modelo multivariado quantificaram o impacto individual das variáveis testadas e ajustaram o efeito das variáveis de confundimento. A magnitude do efeito das variáveis explicativas foi estimada pelo cálculo do Odds Ratio (OR bruta e ajustada e de seus respectivos intervalos de confiança de 95% (IC95%, sendo significante p<0,05. Resultados: Identificou-se 61 óbitos na coorte e o coeficiente de mortalidade infantil foi de 7,7 por mil nascidos vivos. Mãe adolescente (ORaj 3,75; IC95% 1,40-10,02, duração da gestação <32 semanas (ORaj 12,08; IC95% 2,30-63,38, peso ao nascer <1.500 g (ORaj 8,20; IC95% 1,52-44,23, Apgar no 1º e no 5º minuto de vida <7 (ORaj 4,82; IC95% 2,01-11,55 e ORaj 6,26; IC95% 1,93-20,30, respectivamente e presença de malformação congênita (ORaj 21,49; IC95% 7,72-59,82 constituíram fatores de risco para os óbitos. Conclusões: A menor relevância dos fatores socioeconômicos e assistenciais e a maior importância dos fatores biológicos na determinação dos óbitos infantis podem refletir o efeito protetor do elevado desenvolvimento econômico e social dessa localidade.

  12. Prevalência dos fatores trombofílicos em mulheres com infertilidade Prevalence of thrombophilic factors in infertile women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana de Góes e Silva Soligo

    2007-05-01

    Full Text Available OBJETIVO: determinar a prevalência dos fatores trombofílicos em mulheres inférteis. MÉTODOS: estudo de corte transversal, no qual foram admitidas mulheres inférteis atendidas em clínica privada e submetidas à investigação de trombofilia, conforme protocolo da referida clínica, no período de março de 2003 a março de 2005, após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP. Foram incluídas mulheres com história de infertilidade, definida como um ano de coito desprotegido sem concepção. Foram excluídas mulheres com hepatopatia e dados incompletos em prontuário, obtendo-se uma amostra de 144 mulheres. Os fatores trombofílicos avaliados foram: o anticorpo anticardiolipina (ACL, o anticoagulante lúpico (ACGL, a deficiência de proteína C (DPC, a deficiência de proteína S (DPS, a deficiência de antitrombina III (DAT, a presença do fator V de Leiden, uma mutação no gene da protrombina e a mutação do metileno tetrahidrofolato redutase (MTHFR. Resultados: os valores de prevalência obtidos para ACL e ACGL foram de 2%. A prevalência dos fatores trombofílicos hereditários foram: DPC=4%, DPS=6%, DAT=5%, fator V de Leiden=3%, mutação da protrombina=3% e mutação MTHFR=57%. CONCLUSÕES: das 144 pacientes selecionadas, 105 mulheres, ou seja, 72,9% apresentavam pelo menos um fator trombofílico presente. Isto reforça a importância e justifica a necessidade da investigação destes fatores neste grupo de mulheres.PURPOSE: to establish the prevalence of thrombophilic factors in infertile women. METHODS: a cross-sectional study was performed, in which infertile women, seen in a private clinic with investigation for thrombophilia were included, according to the protocol of the clinic, between March 2003 and March 2005, after the approval of the Research Ethics Committee of the Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP. One hundred and forty-four infertile women without any liver

  13. O Ateísmo Francês Contemporâneo: uma comparação crítica entre Michel Onfray e André Compte-Sponville (Contemporary French Atheism: a Critical Comparison between Michel Onfray and André Comte-Sponville - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n18p127

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Agnaldo Cuoco Portugal

    2011-04-01

    Full Text Available Michel Onfray e André Comte-Sponville são os dois mais famosos representantes do ateísmo filosófico francês contemporâneo, que continua uma tradição iniciada no século XVIII de negação irreligiosa da noção monoteísta de Deus. Embora compartilhando várias ideias, como o naturalismo e, obviamente, a rejeição do monoteísmo, suas propostas têm diferenças importantes. Onfray imputa à religião a maioria dos males enfrentados pela humanidade, recusando-se a fazer qualquer concessão à tradição religiosa monoteísta, e propondo uma filosofia libertária de tipo hedonista e materialista. Comte-Sponville vê aspectos positivos na religião no tocante à manutenção da unidade social e propõe uma espiritualidade mística ateia. O artigo faz uma breve apresentação de suas teses e formula críticas a ambas as propostas. Onfray está muito mais preocupado em convencer de uma proposta política do que em argumentar filosoficamente em favor de uma tese e Comte-Sponville não parece perceber as consequências auto-refutadoras do naturalismo, que também torna muito problemática a própria noção de moralidade. Palavras-chave: Michel Onfray; Comte-Sponville; ateísmo; neoateísmo; naturalismo.  Abstract Michel Onfray and André Comte-Sponville are the most famous representatives of philosophical contemporary French atheism, which is a continuation of a tradition begun in the 18th Century of irreligious denying of the monotheistic notion of God. Although sharing many ideas, like naturalism and, obviously, the rejection of the monotheistic conception of God, their proposals show important distinctions. Onfray blames on religion most of evils faced by humanity, refusing to make any concession to monotheism, and proposing a libertarian, hedonistic, materialistic philosophy. Comte-Sponville sees positive aspects in religion regarding the keeping of social unity, and puts forward an atheistic spirituality. The article makes a brief

  14. Pequenos para idade gestacional: fator de risco para mortalidade neonatal Small for gestational age

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Furquim de Almeida

    1998-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estudar as variáveis contempladas na Declaração de Nascimento (DN como possíveis fatores de risco para nascimentos pequenos para a idade gestacional (PIG e o retardo de crescimento intra-uterino como fator de risco para a mortalidade neonatal. MATERIAL E MÉTODO: As variáveis existentes na DN foram obtidas diretamente de prontuários hospitalares. Os dados referem-se a uma coorte de nascimentos obtida por meio da vinculação das declarações de nascimento e óbito, correspondendo a 2.251 nascimentos vivos hospitalares, de mães residentes, ocorridos no Município de Santo André, Região Metropolitana de São Paulo, no período de l/1 a 30/6/1992, e aos óbitos neonatais verificados nessa coorte. RESULTADOS: Obteve-se a proporção de 4,3% de nascimentos PIG, significativamente maior entre os recém-nascidos de pré-termo e pós-termo, entre os nascimentos cujas mães tinham mais de 35 anos de idade e grau de instrução inferior ao primeiro grau completo. Os recém-nascidos PIG apresentam maior risco de morte neonatal que aqueles que não apresentavam sinais de retardo de crescimento intra-uterino. CONCLUSÕES: Em áreas com menor freqüência de baixo peso ao nascer, é importante investigar a presença de retardo de crescimento intra-uterino entre os nascimentos prematuros e não apenas nos nascimentos de termo. O registro da data da última menstruação (ou da idade gestacional em semanas não agregadas na DN facilitaria a detecção de PIGs na população de recém-nascidos.INTRODUCTION: Variables of birth certificates were analysed as risk factors of SGA (Small for Gestational Age infantis, and with a view to discovering if retarded intra-uterine growth was a risk factor neonatal mortality. MATERIAL AND METHOD: Data were obtained directly from 11 hospital medical records. A cohort of 2.251 hospital live births was obtained. Linkage of the death and birth certificates was undertaken to identify the neonatal deaths. The

  15. Mastite Puerperal: Estudo de Fatores Predisponentes Puerperal Mastitis: Study of Predisposing Factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Acilegna do Nascimento Sales

    2000-12-01

    Full Text Available Objetivos: conhecer as características clínicas e bacteriológicas da mastite, classificação e tratamento. Métodos: as pacientes foram inquiridas sobre dados pessoais, pré-natal, atendimento no parto, no puerpério e quadro clínico. A mastite foi classificada pelos critérios de Vinha. Nos casos que evoluíram para abscesso, foi realizada análise bacteriológica, utilizando-se o meio de cultura caldo de enriquecimento Tryptone Soya Broth. Resultados: das 70 lactantes, 57% eram primíparas, 57% com idade entre 20 e 29 anos e 51% com 1º grau incompleto. A renda era menor que um salário mínimo em 63% dos casos. Exerciam atividade domiciliar sem apoio em 66% dos casos. Em 50%, as mamas não foram examinadas. No pré-natal não tiveram orientação sobre aleitamento e ordenha em respectivamente 50% e 58% dos casos. Em 63% o parto não foi em hospitais Amigos da Criança. Ocorreu ingurgitamento em 46% e fissura mamilar em 47% dos casos. Na classificação citada: 44% eram do tipo lobar, 39% ampolar e 17% glandular. No material de cultura houve crescimento de Staphylococcus aureus em 55%. Conclusões: fatores como baixa escolaridade, baixa renda, atividade familiar sem apoio, primiparidade e falta de orientação são fatores de risco para o aparecimento da mastite.Purpose: to investigate clinical and bacteriological aspects, follow-up and treatment of mastitis in our clinic. Methods: this study was performed at Cleriston Andrade General Hospital. Patients were interviewed regarding personal data, prenatal care, care received during delivery and puerperium and clinical aspects. Their mastitides were classified by Vinha's criteria. The patients with abscesses had them drained for bacteriological study. Culture medium Tryptone Soya Broth was used. Results: seventy nursing mothers were interviewed; 57% of them had given birth for the first time, 57% were between 20 and 29 years old, 51% had not finished elementary school, 63% had income less

  16. Fatores associados à obesidade em adolescentes Factors associated with obesity among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vania de Matos Fonseca

    1998-12-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A obesidade na adolescência é um fator preditivo da obesidade no adulto. Assim, foram avaliados os fatores associados à obesidade e o uso do índice de massa morporal (IMC. MÉTODO: Foram avaliados 391 estudantes aferindo-se: consumo de alimentos, hábitos alimentares, características antropométricas dos pais e atividade física. O IMC foi a variável dependente utilizada na regressão linear multivariada. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso foi 23,9% para meninos e 7,2% para meninas. Fazer dieta para emagrecer foi 7 vezes mais freqüente entre meninas do que entre meninos com sobrepeso. Nos meninos, idade, uso de dieta, omissão de desjejum, horas de televisão/"vídeo-game" e obesidade familiar apresentaram associação positiva e significante com IMC. Nas meninas, associaram-se positivamente: uso de dieta, omissão de desjejum e obesidade familiar e negativamente idade da menarca. A correlação do IMC com medidas antropométricas foi maior que 0,7. CONCLUSÕES: Um padrão estético de magreza parece predominar entre meninas e elas o atingem com hábitos e consumo alimentar inadequados.INTRODUCTION: Obesity during adolescence is considered a strong predictor of adult obesity. The present study assessed the overweight/obesity prevalence and associated factors in middle class adolescents of a school in the city of Niteroi, Rio de Janeiro, Brazil, and evaluated the correlation between body mass index with anthropometric measures of fatness. METHOD: The analysis covered 391 students aged from 15 to 17 years. Adolescents had their weight, height, skinfold thickness and upper arm circumference measured at school. A food frequency questionnaire (list of 79 items and a questionnaire including food habits, parents anthropometric characteristics, physical activity and other factors associated with obesity were filled out by the adolescents at school. RESULTS: The proportion of overweight individuals among boys (Body Mass Index

  17. Fatores de risco para a recidiva da tuberculose Risk factors for recurrence of tuberculosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Dornelles Picon

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores de risco para a recidiva da tuberculose. MÉTODOS: Estudou-se uma coorte de 610 pacientes com tuberculose pulmonar bacilífera inscritos para tratamento entre 1989 e 1994 e curados com o esquema contendo rifampicina, isoniazida e pirazinamida (RHZ. Avaliaram-se os seguintes fatores de risco: idade, sexo, cor, duração dos sintomas, cavitação das lesões, extensão da doença, diabetes melito, alcoolismo, infecção pelo HIV, negativação tardia do escarro, adesão ao tratamento e doses dos fármacos. Para detecção das recidivas, os pacientes foram seguidos por 7,7 ± 2,0 anos, após a cura, pelo sistema de informação da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul. Nas análises utilizaram-se os testes t de Student, qui-quadrado ou exato de Fisher e a regressão de Cox. RESULTADOS: Ocorreram 26 recidivas (4,3%, correspondendo a 0,55/100 pessoas-ano. A taxa de recidiva foi de 5,95 e 0,48/100 pessoas-ano, respectivamente, nos pacientes HIV-positivos e nos HIV-negativos (p OBJECTIVE: To identify risk factors for recurrence of tuberculosis. METHODS: We studied a cohort of 610 patients with active pulmonary tuberculosis who were enrolled for treatment between 1989 and 1994 and cured using a three-drug treatment regimen of rifampin, isoniazid and pyrazinamide (RHZ. The risk factors studied were age, gender, race, duration of symptoms, lesion cavitation, extent of disease, diabetes mellitus, alcoholism, HIV infection, delayed negative sputum conversion, treatment compliance, and medication doses. In order to detect recurrence, the patients were monitored through the Rio Grande do Sul State Healt Department Information System for 7.7 ± 2.0 years after cure. Data were analyzed using the Student's t-test, the chi-square test or Fisher's exact test, and Cox regression models. RESULTS: There were 26 cases of recurrence (4.3%, which corresponds to 0.55/100 patients-year. The recurrence rate was 5.95 and 0

  18. Quais Fatores Influenciam a Taxa de Aprovação na Disciplina de Anatomia Humana?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julia Silva-e-Oliveira

    Full Text Available RESUMO A Anatomia Humana (AH é uma disciplina básica para todos os estudantes dos cursos superiores das áreas da saúde e biológica. A maior parte a considera de conteúdo difícil. O ensino da AH precisa ser repensado no contexto da política atual de acesso amplo ao ensino superior. E corresponder ao dever das instituições de proporcionar ao estudante uma formação de qualidade com vistas à formação de um profissional crítico e de perfil criativo frente às distintas situações do cotidiano. É preciso entender possíveis fatores que levam às elevadas taxas de reprovação nesta disciplina. Portanto, o objetivo do presente estudo foi relacionar o resultado do vestibular/Enem com hábitos de estudo e desejo profissional no desempenho acadêmico da disciplina dos alunos dos cursos de Educação Física, Ciências Biológicas e Nutrição do IF Sudeste MG. Foram entrevistados 129 alunos. A pontuação do vestibular/Enem foi maior entre os aprovados em AH; não houve entre os grupos diferença quantitativa nas horas de estudo e tampouco na escolha do curso, que ocorreu por opção do aluno (versus por falta de opção.

  19. Fatores competitivos que afetam a decisão de investimento estrangeiro direto no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Félix Alfredo Larrañaga

    2016-02-01

    Full Text Available Objetivo: explorar, descrever e explicar a relação entre a disposição de um investidor internacional a investir no Brasil e o ambiente competitivo brasileiro, com a finalidade de identificar os fatores de estímulo existentes. Originalidade/Lacuna/Relevância/Implicações: radica no fato de utilizar a análise multivariada para estabelecer e explicar a relação entre diversas variáveis quantitativas. Principais aspectos metodológicos: a identificação dessas relações resultou da aplicação de uma análise canônica entre o investimento estrangeiro como fluxo de entrada e acumulação e uma série de variáveis explicativas representantes do ambiente competitivo brasileiro. Os dados utilizados correspondentes ao período 1997 a 2011, foram levantados a partir de fontes nacionais e internacionais. Síntese dos principais resultados: a análise mostrou uma forte correlação entre o investimento direto estrangeiro no Brasil e alguns indicadores do ambiente competitivo do país. Principais considerações/conclusões: determinou-se que existe uma forte correlação entre o investimento produtivo internacional e o ambiente competitivo Brasileiro nas duas funções canônicas geradas. As variáveis explicativas relevantes que estimulam a escolha do Brasil como destino do IDE, são o bem-estar da sociedade, a produtividade do trabalho e as importações. O trabalho oferece uma ferramenta simples de análise prévia à decisão de investir.

  20. Fatores de influência no comportamento de compra de alimentos por crianças

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alipio Ramos Veiga Neto

    2013-06-01

    Full Text Available A escolha alimentar nas sociedades contemporâneas passa, inevitavelmente, pelo comércio, pois o alimento constitui-se mercadoria que é consumida, assim como tantos outros bens e serviços. Atualmente muitas crianças já definem sozinhas suas escolhas alimentares, provocando a atenção tanto de empresas como de organizações preocupadas com sua nutrição. Utilizando o modelo BPM (Behavioral Perpective Model, criado por Foxall (2010, fundamentado na psicologia do consumidor e estruturado na tríplice contingência de Skinner, analisaram-se os fatores que influenciam crianças em seu comportamento de compra de alimentos. Tendo como sujeitos 175 alunos com idades compreendidas entre 10 e 12 anos, identificaram-se 35 variáveis que foram classificadas entre estímulos antecedentes (cenário ou histórico de aprendizado e consequentes (reforço utilitário ou informativo no comportamento de compra. Verificou-se que os estímulos reforçadores (consequentes têm maior grau de importância para a decisão de compra de alimentos desses sujeitos do que os estímulos antecedentes, sendo que as consequências utilitárias são mais influentes do que as informativas. Conclui-se que os atributos dos produtos, como sabor e qualidade, têm maior influência na decisão de compra do que os estímulos ambientais, como as promoções e publicidade dos alimentos.

  1. Fatores de risco maternos associados à acidose fetal Maternal risk factors associated with fetal acidosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Mauro Madi

    2010-09-01

    Full Text Available OBJETIVOS: avaliar os fatores de risco maternos associados à acidose fetal. MÉTODOS: estudo tipo caso-controle composto por 188 recém-nascidos, sendo que 47 compuseram o grupo casos (pH de artéria umbilical OBJECTIVES: to assess maternal risk factors associated with fetal acidosis. METHODS: a case-control type study was conducted of 188 neonates, of whom 47 comprised the case group (umbilical arterial pH <7.0 and 141 the control (umbilical arterial pH E7.1 <7.3. The study included only single-gestation neonates without congenital malformations. Both maternal and fetal variables were taken into consideration. Statistical analysis involved the calculation of the raw and adjusted Odds Ratio, Student's t-test, the chi-squared test and multivariate analysis using Enter-method non-conditional logistic regression. The level of statistical significance was set at p<0.05. RESULTS: in the case group higher percentages of caesarian sections and pre-term births were observed, involving almost five times as much intensive care and twenty-five times more likelihood of Apgar in the 5th minute <7. No association was observed between the groups and fetal presentation, mother's age, history of miscarriage, years of schooling of mother or attendance at prenatal sessions. After multivariate analysis, the only risk factors that remained significant were complications relating to the placenta or the umbilical cord. Deliveries involving complications relating to the placenta or the umbilical cord were three times more likely to involve fetal acidemia. CONCLUSIONS: acidemia among neonates was associated with a higher percentage of caesarians, premature births, a need for intensive care and treatment and an Apgar index of <7 in the 5th minute. After multivariate analysis, complications relating to premature displacement of the placenta and the umbilical cord were the only remaining risk factors associated with fetal acidemia.

  2. Efeito de fatores bióticos no crescimento de Hypnea musciformis(Rhodophyta - Gigartinales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Reis Renata Perpetuo

    2003-01-01

    Full Text Available O melhor conhecimento da ação de fatores biológicos sobre o crescimento de Hypnea musciformis (Wulfen in Jacqu. J. V. Lamour. torna-se um aspecto premente visando a otimização do manejo e a conservação dessa espécie de interesse comercial. Uma vez que as espécies de Sargassum C. Agardh são consideradas importantes substratos para a fixação de H. musciformis, durante 18 meses, foram realizadas amostragens do tipo destrutiva, em uma população natural de H. musciformis epífita sobre Sargassum spp., em três profundidades de um costão rochoso no Rio de Janeiro. Obteve-se relação positiva entre as biomassas de ambos os gêneros, além da preferência destes pelo ambiente sublitorâneo. Visto a usual presença de mesoherbívoros (Amphipoda nos talos dessas algas, a ação da herbivoria em H. musciformis e S. cymosum var. nanum foi testada em experimento in vitro. A herbivoria foi confirmada para ambos os táxons e a maior taxa de crescimento de H. musciformis favoreceu o crescimento de S. cymosum var.nanum, diminuindo o ataque de mesoherbívoros por ser alimento disponível. Observou-se também que não houve inibição do crescimento de H. musciformis por S. cymosum var.nanum. Sendo assim, recomenda-se que a colheita de H. musciformis para fins comerciais em bancos naturais de Sargassum spp. seja manejada para não causar danos às comunidades marinhas bentônicas.

  3. Estratégias de aprendizagem e fatores motivacionais relacionados Learning strategies and related motivational factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Liliane Ferreira Neves Inglez de Souza

    2010-01-01

    Full Text Available O estudo sobre aprendizagem autorregulada de uma perspectiva sociocognitiva tem integrado fatores cognitivos, metacognitivos, afetivos e motivacionais. Um dos constructos mais investigados nesta área é o de estratégias de aprendizagem, pois seu uso pelos estudantes é considerado um importante indicativo do nível de autorregulação. Nota-se que embora muitos alunos conheçam um repertório de estratégias, nem sempre relatam utilizá-las com frequência. Assume-se, portanto, que esta atividade requer esforço e é marcadamente afetada pela motivação do aluno. Dessa forma, tem-se como finalidade neste artigo, discutir a relação entre estratégias de aprendizagem e algumas variáveis motivacionais que têm sido sistematicamente relacionadas a este constructo: autoeficácia, metas de realização e valor da tarefa.The study about self-regulated learning from a socio-cognitive perspective has integrated cognitive, metacognitive, affective and motivational aspects. Learning strategy has been one of the most investigated constructs in this area, because its use by students is considered a relevant indicative of the self-regulation level. It has been noted that although many students know different strategies, they do not relate to use them frequently. Therefore, it is assumed that this activity requires effort and is markedly affected by students' motivation. For that reason, this article aims to discuss the relation between learning strategies and some motivational variables that have been systematically related to this construct: self-efficacy, achievement goals and task-value.

  4. Mudanças de renda no Brasil: fatores espaciais, setoriais, educacionais e de status social

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alcides Figueiredo Santos

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo São analisadas as influências das variáveis espaciais, setoriais, educacionais e de status social nas mudanças de renda no Brasil entre 1992 e 2011. Estes fatores são considerados tanto de modo específico quanto em suas relações com classe social. O estudo combina o uso de medidas de diferenças observadas e de diferenças ajustadas por regressão quantílica. Nos modelos estimam-se tanto efeitos absolutos (em reais quanto relativos (percentuais. O trabalho aborda particularmente as alterações na renda mediana das categorias, mas observa também para as mudanças nos níveis superiores e inferiores da distribuição. A perda relativa de renda do Brasil metropolitano mostrou-se fortemente intrínseca à dimensão socioespacial. A queda nas discrepâncias brutas (não ajustadas de renda, de raça e de gênero envolveram combinações bem diferentes entre efeitos diretos e indiretos. Reduções nas desigualdades espaciais, setoriais e educacionais contribuíram para a diminuição da heterogeneidade dentro das classes sociais. Todos os cenários desenhados pelo jogo de controles estatísticos mostram que diminuiu sensivelmente a vantagem de renda dos que apresentam mais escolaridade. As mudanças de renda foram menores justamente entre as posições sociais que foram menos afetadas por alterações na distribuição ou dispersão da educação e os seus efeitos diretos e indiretos na renda.

  5. Análise de fatores associados ao significado do trabalho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Hideo Kubo

    2012-12-01

    Full Text Available O trabalho tem sido visto não somente como forma de obter a renda, mas também como atividade que proporciona realização pessoal, status social e possibilidade de estabelecer e manter contatos interpessoais, entre outros. Nesta pesquisa, teve-se como objetivo investigar os fatores que influenciam e conferem sentido ao trabalho, como centralidade do trabalho, normas da sociedade e objetivos e resultados valorizados. Na centralidade do trabalho, procurou-se investigar o grau de importância do trabalho dentro do contexto das diversas áreas da vida das pessoas, como família, lazer, religião e vida comunitária. Em normas da sociedade, foram analisados os pontos mais significativos no tocante ao que a sociedade deveria proporcionar ao indivíduo, assim como o que o indivíduo deveria fazer em prol da sociedade. Nos objetivos e resultados valorizados, foi pesquisado o que as pessoas buscam com o trabalho. A partir da pesquisa na literatura, foi elaborado um modelo inicial que, não se mostrando satisfatório segundo critérios estatísticos, foi substituído por outro que apresentou significância estatística e boa aderência aos dados. O modelo escolhido foi o que melhor goodness-of-fit apresentou, quando se utilizou modelagem de equações estruturais pelo método partial least square. O estudo revelou que o significado do trabalho se reflete, na ordem, na centralidade do trabalho, nos objetivos e resultados valorizados e, por último, nas normas sociais.

  6. Fatores anatomofisiologicos que afetam a qualidade oocitária em bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa M. Chagas

    2014-12-01

    Full Text Available Resumo: Para estudar os fatores anatomofisiológicos que interferem na qualidade de complexos cumulus-oócitos (CCOs bovinos, foram obtidas 396 ovários após abate de 198 fêmeas Bos indicus em frigorífico. Os ovários foram separados por categorias, sendo distribuídos em nulípara vs multípara e com progesterona (P4 - presença de corpo lúteo em um dos ovários vs sem progesterona (NP4 - ausência de corpo lúteo. Todos os folículos foram mensurados e categorizados em pequenos (9mm. Em seguida todos os folículos foram puncionados e os CCOs recuperados e avaliados morfologicamente. Não houve diferença na taxa de recuperação nem na qualidade dos CCOs de fêmeas nulíparas vs multíparas. O percentual de CCOs desnudos/degenerados foi maior no grupo NP4 e os CCOs expandidos foram superiores no grupo P4. A taxa de recuperação e o percentual de CCOs selecionados para PIV (graus I e II foram similares nos grupos P4 vs NP4. Folículos pequenos apresentam menor taxa de recuperação em comparação aos de tamanho médio e grande, porém o percentual de CCOs de grau I foi superior em folículos pequenos e médios. Diante dos resultados aqui encontrados conclui-se que a categoria da doadora e a progesterona não influenciaram a qualidade de CCOs selecionados para PIV e que folículos menores apresentam de CCOs de melhor qualidade.

  7. Quantificação de fatores de crescimento na pele de equinos tratada com plasma rico em plaquetas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria V. de Souza

    2014-06-01

    Full Text Available O plasma rico em plaquetas (PRP é um produto derivado da centrifugação do sangue total, sendo rico em fatores bioativos, como os de crescimento. Apesar da ampla utilização em processos cicatriciais, há controvérsia sobre a eficácia da terapia na cicatrização cutânea. O objetivo desse estudo foi quantificar e comparar a concentração dos fatores TGF-β1 e PDGF-BB no PRP, plasma sanguíneo e pele, durante diferentes fases do processo de cicatrização da pele tratada ou não com PRP. Foram utilizados sete equinos machos castrados, mestiços, hígidos, com idade entre 16 e 17 (16,14±0,63 anos. Três lesões em formato quadrangular (6,25cm² foram produzidas cirurgicamente nas regiões glúteas direita e esquerda de todos os animais. Doze horas após indução das feridas, 0,5mL do PRP foi administrado em cada uma das quatro extremidades das feridas de uma das regiões glúteas (Grupo tratado = GT, escolhida aleatoriamente. A região contralateral foi utilizada como controle (GC. As feridas foram submetidas à limpeza diária com água Milli Q, e amostras foram obtidas mediante biópsias realizadas com Punch de 6mm. Foram obtidas seis biópsias de pele, sendo a primeira realizada logo após a produção da ferida (T0, e as demais com 1 (T1 2 (T2 7 (T3 e 14 (T4 dias após a indução da lesão. A sexta biópsia (T5 foi obtida após completo fechamento da pele, que ocorreu aproximadamente aos 37 dias (36,85±7,45, GC; 38,85±6,46, GT. Também foram obtidas amostras de sangue com EDTA em todos os tempos mencionados. A quantificação dos fatores de crescimento TGF-β1 e PDGF-BB na pele, PRP e plasma sanguíneo foi realizada pela técnica ELISA. Os dados foram analisados estatisticamente pelo teste t, correlação de Pearson e regressão, utilizando nível de significância de 5%. Não houve diferença entre os grupos, nos valores dos dois fatores de crescimento mensurados na pele, nos diferentes tempos. Também não houve correla

  8. Erodibilidade, fatores cobertura e manejo e práticas conservacionistas em argissolo vermelho-amarelo, sob condições de chuva natural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliete Nazaré Eduardo

    2013-06-01

    Full Text Available Os modelos de predição de perda de solo têm se tornado importantes ferramentas no planejamento conservacionista, sendo, para tanto, fundamental a estimativa local dos parâmetros que influenciam o processo erosivo. O objetivo deste trabalho foi determinar a erodibilidade (fator K e os fatores manejo e cobertura (fator C e práticas conservacionistas de suporte (fator P da Equação Universal da Perda de Solo (USLE, em um Argissolo Vermelho-Amarelo. Foram avaliadas as perdas de solo (PS ocorridas em parcelas-padrão de Wischmeier, no período de 2006 a 2011, com seus respectivos índices de erosividade (EI30. Valores de erodibilidade foram calculados pelo quociente entre PS e EI30 das chuvas anuais (Ka e total no período (Kt e pelo coeficiente angular gerado pela análise de regressão linear entre esses mesmos parâmetros (Kci e Kct. Os fatores C e P foram estimados para a cultura do milho, durante três anos de cultivo em nível (MN. Os valores de Kt e Kct obtidos foram de 0,0090 e 0,0106 Mg ha h ha-1 MJ-1 mm-1, respectivamente. Os valores médios calculados para os fatores C e P são de 0,0070 Mg ha Mg-1 ha-1 e de 0,45, respectivamente, indicando redução de 55 % na perda de solo do MN, em relação ao MMA. Os valores dos fatores K, C e P encontrados podem ser usados como primeira aproximação para estudos de manejo e conservação do solo e da água na região.

  9. Fatores associados à ideação suicida na comunidade: um estudo de caso-controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silva Viviane Franco da

    2006-01-01

    Full Text Available Este estudo tem como objetivo identificar variáveis associadas à ideação suicida ao longo dos últimos 12 meses, na cidade de Campinas, São Paulo, Brasil. Através de um estudo de caso-controle investigou-se fatores associados a ideação suicida mediante análise de variáveis independentes relacionadas ao indivíduo, à família e à saúde. Foram entrevistados 29 casos de ideação e 166 controles. Os casos foram identificados através de um inquérito de prevalência e os controles, selecionados aleatoriamente da mesma base populacional, entre os que não relataram pensamento suicida nos últimos 12 meses. Modelos de análise de regressão foram propostos para controlar a ação dos fatores de confusão ou modificadores de efeito. Nos resultados obtidos, as variáveis demográficas não estiveram associadas à ideação. Na análise final permaneceram com significância estatística as variáveis falta de energia e humor deprimido, derivadas do SRQ-20, dificuldades emocionais relatadas, vizinhança não solidária e menor freqüência à igreja. Ideação suicida mostrou-se consistentemente associada a fatores relacionados a sintomas depressivos, principalmente falta de energia e humor deprimido.

  10. Fatores de Influência no Consumo “Verde”: Um Estudo Sobre o Comportamento de Compra no Setor Supermercadista

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Silva Braga Júnior

    2011-05-01

    Full Text Available Nos últimos anos, as empresas têm incorporado ao seu cotidiano e planejamento estratégico, elementos de gestão social e ambiental visando se adequar às novas tendências dos consumidores que passaram a valorizar tais iniciativas na sua avaliação de produtos e, para se alinhar às novas obrigações legais ligadas às questões ambientais. Com base no contexto apresentado justifica-se, tanto para os estudos do setor varejista supermercadista quanto da sustentabilidade, verificar os principais fatores que influenciam os consumidores a comprar no varejo supermercadista produtos de consumo considerados “verdes”. Para atingir o objetivo proposto foi aplicado um survey junto a uma amostra de 174 alunos de cursos de pós-graduação. As retas de regressão de cada fator foram avaliadas segundo as variáveis categóricas: sexo, renda familiar, faixa de idade e estado civil. Os resultados mostraram diferenças quanto ao sexo e estado civil. Quanto às variáveis, renda familiar e faixa etária há diferenças no terceiro fator (diminuição dos impactos ambientais. Tal análise indica que as opiniões dos sujeitos da amostra são muito homogêneas e que há uma aparente boa preocupação com os produtos verdes.DOI: 10.5585/remark.v10i1.2213

  11. Prevalência da anemia e fatores associados em crianças de seis a 59 meses de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Pedrosa Leal

    2011-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Estimar a prevalência de anemia e identificar seus fatores associados em crianças de seis a 59 meses. MÉTODOS: Estudo transversal com dados da III Pesquisa Estadual de Saúde e Nutrição/Pernambuco em amostra representativa de 1.403 crianças para as áreas urbana e rural. A anemia foi diagnosticada pela dosagem da hemoglobina. A análise multivariada foi realizada a partir de um modelo hierárquico, utilizando a regressão de Poisson, com variância robusta para estimar a razão de prevalência em função de variáveis: biológicas, de morbidade e estado nutricional da criança, socioeconômicas, de habitação, de saneamento e fatores maternos. RESULTADOS: A prevalência ponderada de anemia foi de 32,8%: 31,5% na área urbana e 36,6% na rural. Na área urbana, as variáveis que se associaram significantemente à anemia foram: escolaridade materna, bens de consumo, número de crianças menores de cinco anos no domicílio, tratamento da água de beber, idade e anemia materna e idade da criança. Na área rural, apenas a idade materna e a idade da criança associaram-se de modo significante à anemia. CONCLUSÕES: A prevalência de anemia nas crianças pernambucanas é semelhante nas áreas urbana e rural. Os fatores associados à anemia apresentados devem ser considerados no planejamento de medidas efetivas para o seu controle.

  12. Incidência de cólica no lactente e fatores associados: um estudo de coorte

    OpenAIRE

    Saavedra Maria A.L.; Costa Juvenal S. Dias da; Garcias Gilberto; Horta Bernardo L.; Tomasi Elaine; Mendonça Rodrigo

    2003-01-01

    OBJETIVOS: estabelecer a incidência de cólica no lactente e seus determinantes. MÉTODOS: entre maio e julho de 1999, a equipe de pesquisa visitou, diariamente, as três principais maternidades da cidade de Pelotas, RS, e todas as mulheres, após o parto, foram entrevistadas, e seus filhos acompanhados aos três meses. Definiu-se a criança com cólica conforme proposto por Wessel. Os possíveis fatores de risco avaliados foram: classe social, escolaridade materna, idade dos pais, tipo e tempo de re...

  13. Cobertura de puericultura e fatores associados em São Luís (Maranhão, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    1999-10-01

    Full Text Available A assistência de puericultura é fundamental para a prevenção de diversas doenças durante os primeiros anos de vida da criança. O início precoce e a realização de pelo menos nove consultas no primeiro ano são metas desejáveis na assistência à criança. Inquéritos periódicos são fundamentais para que se possa acompanhar a obtenção destas metas. Em 1994, um estudo transversal utilizou amostragem por conglomerados em três estágios para avaliar cobertura de puericultura e fatores associados entre crianças em São Luís, Estado do Maranhão, Brasil. Para a coleta de dados, um questionário padronizado foi respondido pela mãe ou responsável pela criança. O percentual de recusas e ausências foi de 7%. O presente trabalho analisa os dados relativos a 290 crianças entre 1 e 23 meses. As estimativas pontuais e por intervalo de confiança de 95% das proporções levaram em conta o efeito de desenho. Na estimativa da razão ajustada de prevalências empregou-se a regressão de Cox modificada para estudos transversais. A cobertura de puericultura para a população estudada foi de 80%; 44% das crianças realizaram até seis consultas no primeiro ano de vida -- o que está bem abaixo do recomendável -- com média de 7,8 consultas no primeiro ano. Oitenta e um por cento das crianças utilizaram o Sistema Único de Saúde para o atendimento, sendo de apenas 15% a utilização do seguro-saúde. Após ajuste para fatores de confusão, os fatores "maior número de irmãos no domicílio" e "pai com 4 ou menos anos de estudo" estiveram associados à não realização de consultas de puericultura. O fator "renda familiar" não permaneceu associado após o ajuste. O reforço às atividades educativas e, talvez, aos programas de planejamento familiar, é uma estratégia importante no sentido de aumentar a cobertura de puericultura no município.

  14. Controle de um pré-regulador com alto fator de potência utilizando microcontrolador PIC /

    OpenAIRE

    Grosse, Alexandre de Souza

    1999-01-01

    Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Estudo de controle digital em eletrônica de potência utilizando um microcontrolador especial PIC17C756 em um pré-regulador para correção ativa do fator de potência. O enfoque principal é dado no controle da malha de corrente do conversor elevador utilizado. Parte-se da caracterização do microcontrolador e seus periféricos e prossegue-se através do projeto do conversor BOOST. São apresentadas as técnicas de...

  15. FATORES DETERMINANTES DA TOMADA DE DECISÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS EM UMA FEIRA LIVRE

    OpenAIRE

    Ilton Belchior Cruvinel; Daneil Staciarini Corrêa; Nelson Jorge da Silva Junior; Joelmir Feliciano; Rogério José de Almeida

    2017-01-01

    Cada vez mais se desenvolve a consciência da importância do consumo de produtos orgânicos. Tal falta pode ser observado na crescente abertura de feiras livras especializadas nesse tipo de produto. O presente artigo objetivou analisar os fatores associados ao processo de tomada de decisão de compra de produtos orgânicos por consumidores de uma feira livre na cidade de Goiânia-GO. Realizou-se de um estudo transversal analítico com abordagem quantitativa. Foram entrevistadas 84 pessoas. Ut...

  16. Estudo prospectivo dos fatores de risco para complicações neurológicas na meningite bacteriana infantil

    OpenAIRE

    Namani, Sadie; Milenković, Zvonko; Koci, Bulëza

    2013-01-01

    OBJETIVO: Análise prospectiva de fatores de prognóstico para complicações neurológicas da meningite bacteriana infantil. MÉTODOS: Este estudo prospectivo recrutou 77 crianças de um mês a 16 anos de idade tratadas de meningite bacteriana durante o período de 1/1/2009 a 31/12/2010. Foram escolhidos 16 preditores relevantes para analisar sua associação com a incidência de complicações neurológicas. Valores P abaixo de 0,05 foram considerados estatisticamente significativos. RESULTADOS: Das 77 cr...

  17. Pesquisa preliminar sobre os fatores de motivação dos candidatos da Universidade Paulista - UNIP

    OpenAIRE

    Barbosa, Fernando Di Genio

    2010-01-01

    Trata da questão da motivação na escolha de uma universidade particular: a Universidade Paulista. Aborda os instrumentos utilizados no sentido de conhecer os fatores de motivação dos alunos que a procuram: o questionário do exame vestibular e o requerimento para solicitação de transferência. Aponta alterações nos instrumentos utilizados para melhor conhecimento da motivação intrínseca dos alunos que procuram a UNIP

  18. Fatores de risco associados ao sobrepeso e a obesidade em mulheres de São Leopoldo, RS

    OpenAIRE

    Teichmann,Luciana; Olinto,Maria Teresa Anselmo; Costa,Juvenal Soares Dias da; Ziegler,Denize

    2006-01-01

    OBJETIVO: Identificar a prevalência e os fatores de risco para sobrepeso e obesidade nas mulheres de São Leopoldo, RS, Brasil. MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal com base populacional incluindo 981 mulheres de 20 a 60 anos de idade. O sobrepeso foi definido pelo índice de massa corporal entre 25 a 29,9 Kg/m² e a obesidade foi considerada como IMC > 30 Kg/m². As medidas de efeito brutas e ajustadas foram calculadas pela Regressão de Poisson. RESULTADOS: A prevalência de sobrepeso foi...

  19. Fatores influenciadores na decisão de produzir ou comprar: um estudo no sistema agroindustrial da cana

    OpenAIRE

    Consoli, Marcelo Henrique

    2007-01-01

    Dentre inúmeras maneiras possíveis para as empresas organizarem suas atividades e definirem suas fontes de obtenção de recursos, destaca-se duas formas polares, são elas: produzir internamente ou comprar no mercado. Dessa maneira, a opção por uma dessas formas ou até mesmo a opção por uma forma híbrida, define o grau de integração vertical adotada pela empresa. Este trabalho tem como objetivo levantar e classificar quais são os principais fatores considerados pelos gestores ...

  20. Oportunidades do ambiente domiciliar e fatores associados para o desenvolvimento motor entre três e 18 meses de idade

    OpenAIRE

    Defilipo, Érica Cesário

    2011-01-01

    O ambiente domiciliar tem sido apontado na literatura como um dos fatores extrínsecos que mais influencia o desenvolvimento, pois proporciona à criança oportunidades para a exploração que permitem que o comportamento motor seja estimulado de forma natural. A interação com os pais, a variabilidade de estimulação e a disponibilidade de brinquedos são indicadores críticos para a qualidade do ambiente familiar. Os objetivos do presente estudo foram avaliar as oportunidades prese...

  1. Fatores associados ao reganho de peso após 24 meses de gastroplastia redutora em Y-de-Roux

    OpenAIRE

    Silva, Fernanda Bassan Lopes da

    2012-01-01

    Introdução: A cirurgia bariátrica tem como resultados esperados a perda de peso massiva e a remissão de comorbidades. No entanto, o reganho de peso é uma realidade no pós-operatório, podendo comprometer os benefícios alcançados com a cirurgia. O presente estudo teve como objetivo investigar os fatores associados ao reganho de peso após a gastroplastia redutora em Y-de-Roux (GRYR). Métodos: Estudo transversal, que avaliou 80 indivíduos com mais de 24 meses de GRYR em ...

  2. Autopercepção da mastigação e fatores associados em adultos brasileiros

    OpenAIRE

    Ana Paula Gasparini Braga

    2011-01-01

    INTRODUÇÃO: A mastigação é uma das funções mais importantes do sistema estomatognático, relaciona-se: à nutrição, ao crescimento e desenvolvimento craniofacial, à maturação da musculatura orofacial, à estabilidade oclusal e à estabilidade da articulação temporomandibular. Existem poucos estudos populacionais sobre o tema em adultos. OBJETIVOS: Estimar a prevalência da autopercepção da mastigação como boa, regular e ruim em adultos brasileiros e investigar os fatores associados à autopercepção...

  3. Fatores prognósticos no Mieloma Múltiplo Prognostic factors in Multiple Myeloma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gracia A. Martinez

    2007-03-01

    Full Text Available Nos últimos dez anos, grandes mudanças ocorreram no tratamento do MM com a utilização de novas drogas. Frente a estas novas opções de tratamento é essencial reconhecermos parâmetros clínicos ou biológicos que orientem a melhor escolha terapêutica. Mais recentemente foi validado um novo e simples sistema de estadiamento, International Staging System (ISS, baseado nos valores dabeta2 microglobulina e albumina sérica. Os pacientes são classificados em três grupos de risco: Estádio I: beta2M 3,5 g/dl. Mediana de sobrevida de 62 meses; Estádio II: beta2 M 3,5 - 5,5 mg/l. Mediana de sobrevida de 29 meses. Atualmente, a citogenética e achados moleculares estão sendo amplamente reconhecidos como fatores de prognóstico. A deleção do cromossomo 13/13q-, translocação t(4;14, deleção p53 e, mais recentemente, a amplificação da banda cromossômica 1q21 estão associadas a prognóstico reservado.Over the last 10 years, great changes have occurred in the treatment of multiple myeloma (MM due to the use of new drugs. Considering the new options, it is essential to recognize clinical and biological parameters to arrive at the best therapeutic choice. More recently the new International Staging System (ISS for multiple myeloma was validated which utilizes two straight forward laboratory parameters: the beta2 microglobulin (beta2M and albumin levels. Stage I: beta2M 3.5 g/dL with a median survival of 62 months; stage II: beta2M 3.5 to 5.5 g/dL with a median survival of 29 months. The importance of cytogenetics and molecular features as prognostic factors is being recognized. Deletion of chromosome 13 or 13q, the t(4:14 translocation, p53 deletion and amplification of chromosome band 1q21 are all associated with poor prognosis.

  4. Fatores preditores do abortamento entre jovens com experiência obstétrica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thatiana Araújo Maranhão

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: Analisar os fatores preditores do abortamento entre jovens com antecedentes gestacionais. Métodos: Estudo seccional realizado com 464 jovens de Teresina, Piauí, que finalizaram uma gravidez no primeiro quadrimestre de 2006 em seis maternidades do município, com faixa etária entre 15 e 19 anos. Os dados foram coletados de maio a dezembro de 2008, no domicílio das jovens após sua identificação nos registros das maternidades. Para a análise univariada dos dados, utilizou-se a estatística descritiva, e para a análise bivariada empregou-se o teste do χ2 de Pearson e o teste Z. A análise multivariada se deu por meio da Regressão Logística Múltipla (RLM, sendo empregado um nível de significância de 5%. Resultados: As jovens que tiveram mais de uma gestação foram quase nove vezes mais propensas a abortar quando comparadas àquelas que haviam vivenciado apenas uma gestação (p = 0,002. Além disso, as jovens que referiram ter sido pressionadas pelo parceiro a abortar eram quatro vezes e meia mais propensas a consumar o ato quando comparadas aos casos em que a pressão advinha de parentes e amigos do casal (p = 0,007. Conclusão: As jovens que vivenciaram duas ou mais gestações, e que sofreram pressão do companheiro para abortar, eram mais propensas a praticar o aborto. Assim, faz-se necessário que programas de Planejamento Familiar incluam, com maior profundidade, o público adolescente, com vistas a evitar gestações indesejadas nesta população e, consequentemente, o aborto induzido sob condições precárias.

  5. Câncer de estômago: fatores de risco Stomach cancer: risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anna Valéria de Britto

    1997-01-01

    Full Text Available Há cinqüenta anos o câncer de estômago vem perdendo a importância em termos de morbi-mortalidade em países considerados de primeiro mundo. Isso não ocorre no Brasil. Os principais fatores de risco evidenciados a partir de estudos epidemiológicos em várias populações do mundo e associados a essa neoplasia são alguns padrões de dieta. Com a descoberta do papel carcinogênico das nitrosaminas e do potencial anti-oxidante da vitamina C, algumas das associações entre câncer gástrico e padrões de dieta passaram a ser parcialmente entendidas. Com a descrição da Helicobacter pylori em 1983 e as evidências da relação dessa bactéria com certos processos patológicos do estômago, alguns precursores do câncer gástrico, novos elementos foram agregados ao processo fisiopatológico dessa entidade. O conhecimento hoje adquirido sobre a fisiopatologia do câncer gástrico, mesmo que parcial, fornece perspectivas estimulantes para prevenção e diagnóstico precoce.For the last fifty years, stomach cancer has become less important in terms of morbidity and mortality in developed countries, but the same pattern has not occurred in Brazil. The main risk factors for this neoplasm are certain diet patterns that became evident through epidemiological studies in various population groups. After the carcinogenic effects of nitrosamines and the anti-oxidant activity of vitamin C were discovered, some of the associations between stomach cancer and diet were partially understood. After the description of Helicobacter pylori in 1983 and the evidence of the relationship between this bacteria and certain stomach diseases, new elements were added to the knowledge about the development of this neoplasm. Current knowledge, albeit incomplete, provides interesting prospects for the prevention and early diagnosis of stomach cancer.

  6. Estudo dos Fatores de Risco Associados a Arteriopatia Periferica em Nipo-brasileiros de Bauru (SP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Garofolo

    2014-03-01

    Full Text Available Fundamento: As patologias cardiovasculares são a maior causa de morbimortalidade nos países desenvolvidos e emergentes. Sua principal etiologia, a aterosclerose, é doença disseminada acometendo os territórios coronariano, cerebral e periférico. A doença arterial obstrutiva periférica (DAOP, além de suas consequências per se, sinaliza o acometimento do território coronariano. Portanto, seu melhor conhecimento permite tratamento adequado, retardando complicações locais e à distância, diminuindo o custo para o sistema de saúde. Objetivo: Este estudo estima a porcentagem de DAOP em nipo-brasileiros de Bauru (SP, reconhecidos pela alta prevalência de distúrbios metabólicos, como hipertensão arterial (43%, diabetes melito (33% e hipercolesterolemia (60 %, e analisa a associação com biomarcadores de risco. Métodos: Este estudo transversal populacional avaliou 1.330 nipo-brasileiros de ambos os sexos com idade ≥ 30 anos que foram submetidos a exame físico completo, medidas antropométricas, exames laboratoriais e índice tornozelo-braço (ITB. Participantes com ITB ≤ 0,90 foram diagnosticados como portadores de DAOP. Após aplicação dos critérios de exclusão, 1.038 indivíduos integraram a análise. Empregou-se regressão de Poisson para análise das associações com DAOP. Resultados: A idade média foi 56,8 anos e a porcentagem de DAOP foi 21,1%, igual entre os sexos. DAOP associou-se com tabagismo (RP 2,16 [1,33-3,48] e hipertensão arterial (RP 1,56 [1,12-2,22]. Conclusão: A porcentagem de DAOP nos nipo-brasileiros foi semelhante à de outras populações de perfil cardiometabólico desfavorável (US PARTNERS e POPADAD. A associação independente de DAOP com tabagismo e hipertensão, mas não com outros clássicos fatores de risco, pode depender das frequências muito elevadas dos distúrbios metabólicos nessa população.

  7. Mecanismos e fatores associados aos sintomas gastrointestinais em pacientes com diabetes melito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Loureiro Celino Rodrigues

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Apresentar a frequência, os principais fatores causadores dos sintomas gastrointestinais em pacientes portadores do diabetes melito e controvérsias quanto à sua ocorrência em crianças e adolescentes. FONTES DOS DADOS: Revisão não sistemática nas bases de dados MEDLINE/PubMed e SciELO (1983-2011, além de capítulos de livros relevantes. Foram selecionados os artigos mais atuais e representativos do tema. SÍNTESE DOS DADOS: A prevalência do diabetes melito vem aumentando ao longo dos anos em vários países do mundo. No sistema digestório, é conhecida a ocorrência de complicações do diabetes melito, entre elas os sintomas gastrointestinais (náuseas, vômitos, dor abdominal, azia, disfagia, constipação, diarreia e incontinência fecal. A patogênese das alterações das funções gastrointestinais no diabetes melito está ainda sob investigação, e o papel do sistema nervoso entérico e seus neurotransmissores tem ganhado significância. Em decorrência do comprometimento do sistema digestório, com danos ao sistema nervoso entérico, portadores do diabetes melito podem apresentar quadros específicos de distúrbios de motilidade, alguns de grande relevância clínica, como gastroparesia diabética, constipação e diarreia. A disfunção deste sistema contribui para aumentar a morbidade desta doença e piora a qualidade de vida de seus portadores. CONCLUSÕES: O diabetes melito, ao longo dos anos, afeta o sistema digestório. Por ser uma condição que piora a qualidade de vida dos portadores e também pode indicar complicação da doença, deve ser valorizada no acompanhamento e tratamento do paciente com diabetes melito. Na infância e na adolescência, ainda existem poucos estudos que abordam o problema.

  8. Angiolymphatic invasion as a prognostic fator in resected N0 pancreatic adenocarcinoma.

    Science.gov (United States)

    Almeida, Ricardo Vitor Silva de; Pacheco, Adhemar Monteiro; Silva, Rodrigo Altenfelder; Moricz, André de; Campos, Tércio de

    2017-01-01

    Pancreatic adenocarcinoma remains one of the worst digestive cancers. Surgical resection is the main target when treating a patient with curative intent. To assess angiolymphatic invasion as a prognostic factor in resected pN0 pancreatic cancer. Thirty-eight patients were submitted to pancreatoduodenectomy due to head pancreatic cancer. Tumor size, margins, lymph nodes, pTNM staging, angiolymphatic and perineural invasion were described in the pathologists' reports. Most patients were female. Overall median survival was 13 months. Gemcitabine was the regimen of choice for chemotherapy in selected patients; however, it did not improve overall survival. pR0 resection had better survival compared with pR1. Within the pN0 group, survival was significantly better in patients without angiolymphatic invasion. Angiolymphatic invasion in N0 pancreatoduodenectomy can be demonstrated by the Hematoxylin-Eosin stain and may predict a poor prognosis factor for those patients. Adenocarcinoma pancreático continua sendo um dos piores cânceres do aparelho digestivo. A ressecção cirúrgica é o principal objetivo quando se trata de intenção curativa. Avaliar a invasão angiolinfática como um fator prognóstico no câncer da cabeça do pâncreas ressecado pN0. Trinta e oito pacientes foram submetidos a duodenopancreatectomia por câncer da cabeça do pâncreas. Tamanho do tumor, margens, linfonodos, estadiamento pTNM, invasão angiolinfática e perineural foram descritos nos laudos anatomopatológicos. A maioria foi de mulheres. A sobrevida mediana global foi de 13 meses. Gencitabina foi a droga de escolha para quimioterapia nos pacientes selecionados, entretanto não aumentou a sobrevida global. Pacientes com ressecção pR0 tiveram sobrevida global superior quando comparados com ressecção pR1. Dentro do grupo de pacientes com pN0, a sobrevida foi significativamente melhor no grupo de pacientes que não apresentavam invasão angiolinfática. A invasão angiolinfática da

  9. Consumo alimentar e fatores dieteticos envolvidos no processo saude e doenca de Nikkeis: revisao sistematica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Hitomi Tanabe

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar consumo alimentar e fatores dietéticos envolvidos no processo saúde e doença da população de nikkeis. MÉTODOS: Foi realizada revisão sistemática da literatura, com buscas nas bases de dados do Lilacs, SciELO e PubMed/Medline, referente ao período de 1997 a 2012, de estudos observacionais sobre o consumo alimentar de nikkeis. Inicialmente, foram analisados 137 títulos e resumos, sendo excluídos estudos de intervenção, aqueles que apresentavam somente níveis séricos de vitaminas e metabólitos e estudos que não contemplassem o objetivo da revisão. Desses, foram selecionados 38 estudos avaliados com base no método de Downs & Black (1998, adaptado para estudos observacionais, permanecendo 33 para análise. RESULTADOS: Foram encontrados poucos estudos sobre consumo alimentar de nikkeis fora do Havaí, dos Estados Unidos e do estado de São Paulo (principalmente em Bauru, no Brasil. Houve elevada contribuição dos lipídios no valor calórico total dos nipo-brasileiros, em detrimento dos carboidratos e das proteínas. Nos Estados Unidos, a prevalência de consumo de alimentos de alta densidade energética foi elevada em nipo-americanos. Os nisseis (filhos de imigrantes apresentaram, em média, maior consumo de produtos da dieta japonesa, enquanto os sanseis (netos de imigrantes apresentaram um perfil alimentar mais ocidentalizado. CONCLUSÕES: O consumo alimentar de nikkeis, embora ainda conservando alguns hábitos alimentares de japoneses nativos, revela alta prevalência de consumo de alimentos típicos do padrão ocidental (alimentos processados, ricos em gorduras e sódio e pobres em fibras, que pode estar contribuindo para o aumento de doenças crônicas nessa população.

  10. GESTÃO DE COMUNIDADES DE PRÁTICA: FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO AS SUAS MANUTENÇÕES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sabrina Rebelo Schmitt

    2015-09-01

    Full Text Available As Comunidades de Prática – CoPs assumem um papel importante na criação e no compartilhamento do conhecimento organizacional, e suas formações dependem de uma gama de fatores que agem como propulsores ou inibidores ao seu bom desenvolvimento. Com essa compreensão, o objetivo deste estudo é identificar os fatores críticos de sucesso – FCS à manutenção das Comunidades. Para alcançar tal objetivo, realizou-se uma pesquisa exploratória de cunho bibliográfica, por meio da busca sistemática da literatura em base científica de dados. Como resultado para a investigação, chegou-se a um quadro-síntese em que 28 fatores são apresentados como críticos ao sucesso das CoPs.

  11. A escolha da unidade de atuação pelo docente da Escola Pública Estadual do Ensino Médio: Fatores relevantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Vital Giordano

    2015-11-01

    Full Text Available Este artigo pesquisou sobre quais são os fatores que levam o professor a escolher a escola de atuação, e relacionar se esses fatores possuem alguma associação com a formação ou, se a escolha apresenta outros aspectos, além dos pedagógicos. Por meio de entrevistas com os docentes, utilizando-se questionários, a pesquisa mostra o cenário de uma escola da Diretoria Regional de Ensino Sul I, que no ano de 2014 alcançou as metas de Ensino Médio estabelecidas pelo IDESP. Os resultados apresentados no artigo indicam quais os fatores considerados pelos docentes a atuar na escola, em seus variados graus de importância.

  12. Eventos Culturais e Stakeholders: A Gastronomia Como Fator Promocional do Turismo no Festival Revelando São Paulo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Prado Zago

    2013-06-01

    Full Text Available O presente artigo discute a relação entre a gastronomia e o turismo, enfatizando aquela como patrimônio intangível, carregado de simbolismos e ritos culturais. O estudo tem por objetivo identificar a influência da gastronomia como fator promocional do turismo, em um festival cultural, na visão dos diferentes stakeholders do evento. Trata-se de um estudo de caso, de caráter qualitativo, envolvendo observação direta sistematizada e entrevistas semiestruturadas com os stakeholder do festival Revelando São Paulo, objeto de pesquisa. Observa-se que a gastronomia tradicional apresentada no Festival é interpretada como parte de um produto cultural em um destino. Expositores, organizadores e mídia acreditam que o evento pode ser considerado como fator de influência para o turismo local, por meio do contato com os representantes da cultura popular, das apresentações artísticas e ainda, pela motivação gastronômica.

  13. Fatores associados aos comportamentos de risco à saúde entre adolescentes brasileiros: uma revisão integrativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Ramos de Moura

    2018-04-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Identificar o conhecimento sobre fatores associados aos comportamentos de risco para a saúde entre adolescentes brasileiros. Método: Revisão integrativa da literatura nas bases de dados Cochrane, IBECS, LILACS, MEDLINE e SciELO, em relação aos comportamentos de risco recomendados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças. Resultados: Analisaram-se 37 estudos, com predomínio do comportamento sexual de risco, uso do tabaco e comportamento violento. O avançar da idade favoreceu o sexo desprotegido, o uso do álcool e tabaco. A influência familiar e de amigos relacionou-se com tabagismo e alcoolismo. O sexo masculino envolveu-se mais em situações de violência e o sexo feminino associou-se à inatividade física. Pertencer a classes econômicas mais baixas relacionou-se com sexo desprotegido, inatividade física, comportamento alimentar não saudável e violência. Estudar em escola privada referiu-se ao comportamento alimentar não saudável. Conclusão: Comportamentos de risco relacionaram-se a fatores sociais, econômicos e familiares e tendem a se aglomerar.

  14. Pequenas e médias empresas exportadoras: fatores discriminantes e condicionantes de permanência na atividade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloisa Rosa Carvalho

    2012-12-01

    Full Text Available Procurou-se identificar os fatores  discriminantes entre empresas exportadoras contínuas e descontínuas do Sul de Minas Gerais em relação a variáveis do ambiente externo, às características internas e às de inovação tecnológica. Um modelo logit binário foi definido para pesquisar os determinantes do desempenho exportador. Os resultados mostraram que os fatores externos à empresa não discriminam e nem condicionam a permanência na atividade de exportação. Algumas características das firmas discriminam as duas subamostras e têm impacto direto na permanência na atividade exportadora. Quanto à adoção de inovações tecnológicas, os resultados revelaram que as empresas contínuas são mais intensivas ao inovar em produto, em processo e organizacionalmente. Entretanto, nem todos os itens discriminantes das subamostras quanto à capacidade tecnológica explicam positiva e significativamente a permanência das empresas no mercado exportador.

  15. FATORES ENVOLVIDOS NA COMPREENSÃO DA LEITURA DO GÊNERO NOTÍCIA DE JORNAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia Vargas da Rosa

    2008-04-01

    Full Text Available A construção de sentido através da compreensão é o principal objetivo da leitura e diversos são os fatores que interferem nesse processo. Esse artigo se propõe a estabelecer relações entre a leitura e compreensão, apresentando os principais fatores envolvidos na compreensão leitora de um gênero específico, a notícia de jornal. As notícias jornalísticas, por sua finalidade social, possuem características próprias de organização que interferem na compreensão pelo leitor. Apontamos a importância deste estudo como recurso para possibilitar ao professor, no trabalho envolvendo a leitura de jornal em sala de aula, uma reflexão mais aprofundada sobre formas de facilitar a compreensão leitora do gênero notícia e reconhecer as causas das dificuldades surgidas durante esse processo.

  16. Trabalho rural e fatores de risco associados ao regime de uso de agrotóxicos em Minas Gerais, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Soares Wagner

    2003-01-01

    Full Text Available O objetivo deste artigo foi caracterizar o processo do trabalho rural em nove municípios de Minas Gerais, considerando indicadores sócio-demográficos, a estrutura agrária dos estabelecimentos rurais, práticas de trabalho relacionadas ao uso de agrotóxicos e, a intoxicação associada a seu uso. Os dados foram obtidos de uma pesquisa realizada pela Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho, que aplicou um questionário a 1.064 trabalhadores rurais, entre os anos de 1991 a 2000. Por meio de uma regressão logística, foram obtidos os fatores de risco associados à intoxicação por agrotóxicos dos grupos organofosforados e carbamatos. Cerca de 50% dos entrevistados se encontravam ao menos moderadamente intoxicados. Os fatores de risco encontrados foram: ter o último contato a menos de duas semanas com agrotóxicos; não usar proteção; ser orientado pelo vendedor; citar organofosforado ou carbamato como agrotóxico principal e trabalhar nos municípios de Teófoli Otoni, Guidoval ou Piraúba. Os resultados apontam para o alto grau de risco de agravos à saúde a que estão sujeitos trabalhadores rurais em contato com agrotóxicos.

  17. Os fatores genéticos da insônia - Uma revisão de literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Sousa Ferreira

    2017-05-01

    Full Text Available A insônia é um dos distúrbios do sono caracterizado pela dificuldade em iniciar ou manter o sono. Isso se reflete em um sono de baixa qualidade que pode causar problemas ao longo do dia, como cansaço e falta de energia. Sob essa condição, estão associados alguns fatores genéticos, entre eles os genes ABCC9, 5-HTT e Clock. A presente revisão de literatura tem por objetivo a explanação acerca dos fatores genéticos relacionados com o distúrbio da insônia. Trata-se de uma revisão de literatura de forma sistemática, realizada por meio de um levantamento bibliográfico que procura reunir os conhecimentos sobre as características da insônia e sua herança gênica. Encontrou-se uma relevância de achados autorais valiosos para a síntese dessa pesquisa. Portanto, a partir do estudo abordado nessa revisão, torna-se evidente a importância do conhecimento das causas genéticas do distúrbio da insônia para a melhor abordagem clínica, haja vista a relevância desse mecanismo biológico.

  18. Distress do paciente oncológico: prevalência e fatores associados na opinião de familiares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Alexsandra de Albuquerque

    2014-10-01

    Full Text Available Este estudo verificou a prevalência e fatores associados ao distress de pacientes oncológicos, na opinião de familiares. Foram entrevistados 140 familiares responsáveis pelo cuidado de pacientes com câncer. O Termômetro de Distress foi adaptado para uso em familiares. Estes consideraram que 72,9% dos pacientes estavam com distress relacionado a preocupações (80,4%, nervosismo (78,4%, tristeza (74,5%, dor (67,6%, fadiga (67,6% e problemas com alimentação (57,8%. Modelos de regressão logística hierárquica mostraram que, enquanto familiares do sexo masculino (OR=0,025 e idades mais avançadas (OR=0,006 a 0,059 tiveram menor risco de perceber o distress, indivíduos protestantes, comparados a católicos, tiveram chance 12,77 vezes maior de percebê-lo. Quanto aos fatores associados, nervosismo (OR=10,8 contribuiu significativamente mais com a percepção de distress pelos familiares quando comparado a fadiga (OR=3,38 ou ter plano de saúde privado (OR=2,55. Familiares podem ser grandes aliados na avaliação e acompanhamento do distress de pacientes com câncer.

  19. Efeitos de Intervenção Cognitivo-Comportamental sobre Fatores de Risco Psicológicos em Cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Gorayeb

    Full Text Available RESUMODiminuir fatores de risco para cardiopatias pode melhorar a qualidade de vida e reduzir a mortalidade e morbidade relacionadas a elas.O presente estudo avaliou a eficácia de uma intervenção cognitivo-comportamental em grupo sobre ansiedade, depressão, estresse e saúde cardiovascular em cardiopatas. Foram avaliados 91 pacientes antes e após participação nos grupos, com entrevistas semiestruturadas, Inventários Beck (Ansiedade e Depressão e Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp. Coletaram-se medidas fisiológicas para cálculo do escore de Framingham. A participação no grupo resultou em redução dos sintomas de ansiedade, depressão, estresse e melhora do enfrentamento ao estresse. Não houve diferença no escore de Framingham. A intervenção se mostrou eficaz para a redução dos fatores de risco psicológicos nessa amostra.

  20. Degradação Ambiental nos Municípios do Rio Grande do Sul e Relação com os Fatores de Desenvolvimento Rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Guilherme Machado Pinto

    2015-06-01

    Full Text Available Resumo:O objetivo deste trabalho foi analisar o padrão de degradação ambiental agropecuário dos municípios gaúchos e verificar como esse padrão é impactado pelos fatores de desenvolvimento rural desses mesmos municípios em dois períodos distintos de tempo. Neste sentido, foi utilizada a metodologia do Índice de Degradação Ambiental Agropecuária (IDAA como proxy para a degradação ambiental agropecuária e a técnica de análise fatorial para encontrar os fatores determinantes do desenvolvimento rural. A fim de estudar o impacto desses fatores na degradação ambiental agropecuária do Rio Grande do Sul, foi estimado um modelo de regressão com dados em painel por meio do método de Efeitos Fixos. Os valores de degradação ambiental agropecuária para as mesorregiões gaúchas mostraram-se elevados, e a mesorregião Centro Oriental apresentou as maiores médias de degradação. Nas relações entre o IDAA e os fatores, todos os coeficientes demonstraram significância estatística. Os fatores Condições de Moradia e Educação Rurais, Alavancagem e Corretivos da Produção Rural e Energia Elétrica Rural apresentaram relação positiva com a degradação, e os fatores Estrutura e Desempenho do Setor Agropecuário, Área de Produção Agropecuária e Econômico e Financeiro Rural apresentaram relação negativa. Isso demonstra efeitos divergentes entre os aspectos estudados.

  1. GERAÇÃO DO FATOR TOPOGRÁFICO (LS EM BACIA HIDROGRÁFICA: ANÁLISE DA EXTENSÃO DE VERTENTES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro de Souza Pinheiro, Thiago Torres Costa Pereira, Rafael de Ávila Rodrigues, Gabriela Alves Jonas, Angela Silva Miazaki, Venâncio Campos Silva

    2014-08-01

    Full Text Available A erosão laminar, devido a sua característica peculiar, é dificilmente detectada por grande parte da população, principalmente nos estágios iniciais, havendo assim a necessidade do estabelecimento de práticas corretas de conservação do solo. A Equação Universal de Perda de Solo (EUPS busca estimar a perda de solo pela erosão laminar, considerando os fatores condicionantes da erosão. Contudo, existem fatores limitantes, inerentes da busca pela aproximação com a realidade, pois, a EUPS não considera a geometria das vertentes e aborda parcialmente a questão da extensão das vertentes, de grande influência no processo erosivo hídrico de superfície. Desta forma, o objetivo principal desta pesquisa foi aplicar sistemática de obtenção dos dados de comprimento de vertentes (Fator L, considerando como a dinâmica do escoamento superficial interfere nos resultados obtidos com a Equação Universal de Perda de Solo. Como área de estudo, foi selecionada uma bacia hidrográfica de um canal de segunda ordem, que banha a Floresta Escola do Instituto Hidroex em Frutal (MG. Os resultados obtidos indicaram que o Fator L influenciou sensivelmente nos dados, a técnica de obtenção dos dados de extensão de vertentes mostrou-se adequada, apresentando valores diferenciados do Fator LS (Fator Topográfico ao longo da vertente, bem como a menor generalização dos dados.

  2. Monitoramento de fatores de risco para doenças crônicas por entrevistas telefônicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monteiro Carlos Augusto

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Descrever métodos e resultados iniciais de sistema de monitoramento de fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis por meio de entrevistas telefônicas. MÉTODOS: Estudou-se amostra probabilística (n=2.122 da população adulta do Município de São Paulo residente em domicílios conectados à rede de telefonia fixa, com amostragem realizada em duas etapas: sorteio de linhas telefônicas e sorteio do morador do domicílio a ser entrevistado. Foi aplicado questionário para investigar características demográficas e socioeconômicas, padrão de alimentação e de atividade física, consumo de cigarros e de bebidas alcoólicas, peso e altura recordados e auto-referência a diagnóstico médico de hipertensão arterial e diabetes, entre outros quesitos. Foram calculadas estimativas sobre a prevalência de fatores de risco selecionados para doenças crônicas não transmissíveis para a população adulta com telefone e para a população adulta total do município. Neste último caso, população total, foram aplicados à amostra fatores de ponderação que levaram em conta diferenças demográficas e socioeconômicas entre a população com telefone e a população total do município. RESULTADOS: Foram observadas diferenças substanciais entre os sexos quanto à freqüência da maioria dos fatores de risco estudados, sendo significativamente mais freqüentes em homens o consumo insuficiente de frutas e hortaliças, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e o excesso de peso; e nas mulheres foram mais freqüentes o sedentarismo e a hipertensão. Possibilidades adicionais de estratificação da prevalência de fatores de risco permitidas pelo sistema de monitoramento foram ilustradas a partir de exemplos abrangendo faixa etária, nível de escolaridade e área de residência na cidade dos entrevistados. CONCLUSÕES: O desempenho do sistema de monitoramento, avaliado a partir da representatividade e confiabilidade

  3. Incidência de depressão e fatores associados em idosos residentes na comunidade: revisão de literatura

    OpenAIRE

    Pinho, Miriam Ximenes; Custódio, Osvladir; Makdisse, Marcia

    2009-01-01

    Resumo Depressão geriátrica ocorre com frequência, mesmo na população residente na comunidade. Vários fatores de risco associados estão descritos na literatura. O objetivo deste estudo é realizar uma revisão da literatura sobre a incidência de depressão geriátrica e os fatores de risco associados em idosos residentes na comunidade. Para este fim, realizou-se revisão bibliográfica da literatura sobre o tema, sendo efetuada consulta às bases de dados MEDLINE, PUBMED, LILACS e SCIELO, utilizando...

  4. Validação do envelhecimento como fator relacionado do diagnóstico de enfermagem memória prejudicada

    OpenAIRE

    Enaura Helena Brandão Chaves

    2008-01-01

    Objetiva-se validar o envelhecimento como Fator Relacionado do Diagnóstico de Enfermagem Memória Prejudicada (DEMP). Realizou-se o estudo em duas etapas metodológicas. A primeira etapa constou da validação de conteúdo das Características Definidoras do DEMP, através da Validação de Conteúdo Diagnóstico de Fehring (1987), da validação do conceito e dos Fatores Relacionados, incluindo-se o envelhecimento. Enviou-se 20 instrumentos para enfermeiros experts selecionados através dos critérios adap...

  5. Análise de fatores extrínsecos e intrínsecos que predispõem a quedas em idosos

    OpenAIRE

    Almeida, Sionara Tamanini de; Soldera, Cristina Loureiro Chaves; Carli, Geraldo Attilio de; Gomes, Irênio; Resende, Thais de Lima

    2012-01-01

    OBJETIVO: Analisar, em uma amostra de idosos de Porto Alegre, RS, os fatores intrínsecos e extrínsecos que predispõem ao risco de queda e fraturas. MÉTODOS: O estudo contou com uma amostra aleatória de 267 idosos, aos quais foram aplicados dois testes de equilíbrio: o Teste do Alcance Funcional (TAF) e o Timed Up and Go Test (TUG). Os idosos também responderam a um questionário (13 questões divididas em quatro categorias) sobre fatores sociodemográficos e sobre a saúde. RESULTADOS: Participar...

  6. Soroprevalência e fatores de risco para sífilis em população carcerária de Goiás

    OpenAIRE

    Andrade,Ana Lúcia Sampaio Sgambatti de; Martelli,Celina Maria Turchi; Sousa,Luiz Carlos Silva; Sousa,Marta Antunes de; Zicker,Fabio

    1989-01-01

    Com o objetivo de dimensionar a prevalência da infecção pelo Treponema pallidum e determinar fatores de risco relacionados a soropositividade foram rastreados 299 presidiários no Centro Penitenciário de Atividades Industriais de Goiás (CEPAI-GO), 20 Km de Goiânia. O rastreamento sorológico foi realizado utilizando-se como critério de positividade, qualquer resultado sororeagente ao VDRL independentemente do título. Através de um questionário padronizado foram avaliados os seguintes fatores de...

  7. Estudo das características da oclusão na dentição decídua e na mista e fatores associados

    OpenAIRE

    Costa, Catiara Terra da

    2013-01-01

    Conhecer as características oclusais das dentições decídua e mista, seu desenvolvimento, alterações e possíveis fatores influentes é importante para a prevenção e interceptação das maloclusões, tornando-se de grande valor epidemiológico. Para isto, estudos longitudinais são apropriados, pois observam a mesma população em momentos temporais diferentes. Este estudo foi constituído de duas partes: estudo transversal e estudo longitudinal. O estudo transversal investigou a influência dos fatores ...

  8. Comparação dos métodos soma constante e análise conjunta de fatores para estimar a importância relativa

    OpenAIRE

    Dias, Adriana

    2010-01-01

    A proposta deste trabalho foi comparar os métodos Soma Constante (SC) e Análise Conjunta de Fatores (ANCF) para estimar a importância relativa ((IR%)) dos fatores em estudos da preferência do consumidor. O objetivo principal foi verificar se o método SC pode ser utilizado para avaliar as estimativas de IR (%) obtidas pela ANCF. Foi realizado um estudo para avaliar a intenção de compra de uma bebida láctea sabor café com base na embalagem. Utilizou-se uma amostra de 192 julgadores residentes n...

  9. Fatores maternos e perinatais relacionados à macrossomia fetal Maternal and perinatal factors related to fetal macrosomia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Mauro Madi

    2006-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: identificar fatores maternos e perinatais relacionados a fetos com peso igual ou maior do que 4.000 g no nascimento. MÉTODOS: estudo de corte transversal, de 411 casos consecutivos de macrossomia fetal, ocorridos no período de março de 1998 a março de 2005. Compararam-se os dados obtidos aos de 7.349 casos de fetos com peso entre 2.500 e 3.999 g ao nascimento, ocorridos no mesmo período. Foram analisadas variáveis maternas (idade, paridade, diabete melito, ocorrência de parto cesáreo, mecônio, desproporção feto-pélvica, principais indicações das cesáreas e perinatais (ocorrência de tocotraumatismo, índice de Apgar inferior a sete no 1º e 5º minuto, natimortalidade, neomortalidade precoce, necessidade de internação na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. As avaliações estatísticas foram realizadas com o teste não paramétrico do chi2 com a correção de Yates e com o teste t de Student. Adotou-se o nível de significância de pPURPOSE: to identify maternal and perinatal factors related to neonates with birthweight >4,000 g. METHODS: cross-section cohort study with 411 consecutive cases of fetal macrosomia (FM which occurred from March 1998 to March 2005. Data were compared to 7,349 cases of fetal birthweight >2,500 and <3,999 g which occurred in the same period. Maternal variables (maternal age, parity, diabetes, previous cesarean section, meconium-stained amniotic fluid, cephalopelvic disproportion, main cesarean section indications and perinatal variables (birth injury, <7 1-min and 5-min Apgar score, fetal and early neonatal mortality range, need of neonatal intensive care unit were analyzed. For statistical analysis the chi2 test with Yates correction and Student's t test were used with the level of significance set at 5%. RESULTS: FM was significantly associated with older mothers, more parous and <7 1-min Apgar score (p<0.05; OR=1.8; 95% CI: 1,4-2.5 and <7 5-min Apgar score (p<0,05; OR=2.3; 95% CI: 1

  10. Relacionamentos amorosos: fatores evolutivos, românticos e contemporâneos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Carolina Cardoso Brenneisen

    2015-12-01

    Full Text Available Este estudo aborda fatores evolutivos e históricos que culminaram no estabelecimento de relações do modelo romântico, instituído pelo casamento por amor. Supõe, também, os desmembramentos, consequências e desafios da aquisição familiar, como formação de estrutura social mais ampla. Sugere, assim, a relação do casamento a aspectos evolutivos da espécie humana e à dependência do recém-nascido humano aos pais, como meio de sobrevivência e desenvolvimento. De outro modo, nos mamíferos, dificilmente é constatado vínculo entre o macho e a fêmea após a cópula. Nos humanos os vínculos costumam ser mais permanentes em relação aos filhos, após atingir a maturidade física e cognitiva, estes também não se desvinculam dos pais. No entanto, no que se refere às uniões humanas, as reivindicações das mulheres, por relações mais igualitárias e democráticas, têm provocado profundas alterações no modelo familiar tradicional. As mudanças no mundo econômico e do trabalho, por sua vez, têm provocado uma crise de identidades sem precedente, fatos que somados, tem culminado com separações e novas decisões no que se refere à estrutura familiar. Por outro lado, no mundo contemporâneo, o conceito de família tem se tornado mais plural e com a possibilidade de novas chances. Palavras-chave: processos evolutivos, relacionamentos amorosos; crise de identidades.   LOVING RELACIONSHIPS: EVOLUCIONARY, ROMANTIC AND CONTEMPORARY FACTORS   Abstract: This study deals with evolutionary and historical factors that culminated in establishing the romantic relationships model imposed by love match. It assumes also the dismemberment, consequences and challenges for the formation of a family, as well as for the formation of larger social structures. Therefore, this study suggests the relationship betwen marriage and evolutionary aspects of the human species, and the dependence of the human newborn to his/her parents as a means of

  11. LDL oxidada: Como um fator de risco para doença cardiovascular no transplante renal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adele Soltani

    2016-06-01

    Full Text Available RESUMO Objetivos: A taxa de mortalidade de pacientes com doença renal crônica (DRC, que tenham sido submetidos à terapia de substituição renal, é muito elevada devido a doenças cardiovasculares (DCV. Alguns estudos indicaram que a ciclosporina A (CsA, um medicamento utilizado para prevenir a rejeição de transplante, está associada à perda óssea após o transplante. Além disso, ela tem um efeito oxidante sobre os lipídeos circulantes. Seu efeito pró-oxidante nas membranas celulares provoca a liberação de cálcio. Este estudo teve como objetivo analisar se o transplante renal pode ou não resultar em melhora no estresse oxidativo (EO; e avaliar a associação entre a LDL oxidada (LDL-ox e algumas variáveis na predição do risco de DCV em pacientes transplantados renais (TR, comparados com o grupo controle. Materiais e Métodos: Um total de 30 pacientes com DRC foram recrutados para avaliação das alterações dependentes do tempo no biomarcador de EO antes e após TR. Foram avaliados: LDL-ox, parâmetros do metabolismo dos lipídeos, a CsA, creatinina, cálcio e fosfato tanto antes do TR, 10 dias e 6 meses após o TR, em comparação com o grupo controle (n = 30. Resultados: após 6 meses, a concentração de LDL-ox mudou de 79,7 ± 9,7-72 ± 7 mU/ml (p < 0,009. O nível de fosfato de cálcio foi positivamente correlacionado com a concentração de LDL-ox (R = 0,467, p = 0,011 e ciclosporina (r = 0,419, p = 0,024 6 meses após o transplante. Conclusão: Os resultados indicaram que a restauração da função renal pelo transplante, melhora o estresse oxidativo induzido pela uremia. O produto de fosfato de cálcio, como um fator de risco independente para DCV, correlaciona-se com o LDL-ox antes do TR e 6 meses após o TR. O produto de fosfato de cálcio também se correlaciona com a ciclosporina no grupo TR.

  12. Fatores prognósticos para o desfecho do tratamento da tuberculose pulmonar em Recife, Pernambuco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria de Fatima Militão de Albuquerque

    2001-06-01

    Full Text Available Objetivos. O objetivo deste estudo caso-controle foi identificar fatores prognósticos para desfecho do tratamento da tuberculose pulmonar em 297 pacientes (Hospital das Clínicas, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil entre 1994 e 1999. Materiais e métodos. Foram considerados casos indivíduos com alta por óbito, abandono ou falência do tratamento. Os controles foram indivíduos com alta por cura. Foram realizadas análises uni e multivariada com as variáveis independentes sexo; idade; escolaridade; hábito de fumar; hábito de ingerir álcool; tratamento anterior para tuberculose; resposta ao teste tuberculínico; sorologia para HIV; grau de resistência aos antimicrobianos; resultado da pesquisa direta de bacilos álcool-ácido-resistentes; esquema terapêutico utilizado. Além disso, repetiram-se as análises uni e multivariada considerando como casos apenas os óbitos e os indivíduos com falência do tratamento. Resultados. A ingestão excessiva de álcool (OR = 2,58; P = 0,014, a co-infecção pelo HIV (OR = 3,40; P = 0,028, o a tratamento anterior para tuberculose (OR = 4,89; P < 0,001 e resistência a duas ou mais drogas antituberculose (OR = 3,49; P = 0,017 foram fatores de risco para o insucesso do tratamento. Na segunda análise multivariada, excluindo os casos de abandono, não houve associação entre a o ingestão excessiva de álcool e desfecho do tratamento, mantendo-se as demais associações, o que sugere uma estreita relação entre o abandono do tratamento e o etilismo. Conclusões. Os fatores prognósticos para insucesso do tratamento da tuberculose pulmonar entre os indivíduos estudados estão interrelacionados, sendo de natureza biológica, clínica e social. Devem ser identificados no início do tratamento para que sejam implementados procedimentos diferenciados de acompanhamento, tais como tratamento diretamente supervisionado, de forma a fortalecer o controle da tuberculose em nível local.

  13. Fatores associados à duração dos benefícios por incapacidade: um estudo de coorte

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Norma Suely Souto Souza

    2012-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores associados à duração dos benefícios por incapacidade por doenças musculoesqueléticas na região cervical e/ou em membros superiores relacionadas ao trabalho. MÉTODOS: Estudo de coorte ambispectivo com 563 trabalhadores segurados do Regime Geral da Previdência Social que receberam benefício por incapacidade temporária por doenças musculoesqueléticas da região cervical e membros superiores relacionadas ao trabalho em Salvador, BA, em 2008. Os dados provieram de um inquérito conduzido pela Auditoria Regional do Instituto Nacional do Seguro Social e de registros administrativos. Foram analisadas variáveis sociodemográficas, relacionadas ao trabalho, características do agravo e aspectos relacionados ao seguro social. Os fatores associados ao tempo até a cessação do benefício foram identificados com técnicas de análise de sobrevida. RESULTADOS: Posição socioeconômica baixa (RR = 1,29; IC95% 1,02;1,64, idade abaixo de 39 anos (RR = 1,23; IC95% 1,03;1,47, reposição de renda pelo Instituto Nacional do Seguro Social < 100% (RR = 1,24; IC95% 1,04;1,47 e expectativa alta de retorno ao trabalho (RR = 1,20; IC95% 1,00;1,44 são as categorias relacionadas com maior taxa de cessação do benefício e sua menor duração. CONCLUSÕES: Fatores não estritamente médicos, como posição socioeconômica, idade, expectativa relativa ao retorno ao trabalho e nível de reposição de renda pelo Instituto Nacional do Seguro Social parecem influenciar a duração do benefício. Essas hipóteses deverão ser testadas posteriormente com estudos confirmatórios para aprimorar o entendimento do processo de determinação da incapacidade para o trabalho.

  14. Fatores que afetam as decisões individuais de realizar viagens a pé: estudo qualitativo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Margarita Larrañaga

    2010-04-01

    Full Text Available Este trabalho apresenta uma pesquisa qualitativa desenvolvida com o objetivo de identificar os fatores que influenciam a decisão de realizar viagens a pé. Para o desenvolvimento do trabalho foi utilizada a técnica de entrevistas individuais, que permitiu coletar as opiniões e percepções de diferentes grupos de usuários segmentados por idade e região de residência. Os fatores identificados foram classificados e hierarquizados de acordo com a intensidade e freqüência das manifestações dos entrevistados. A hierarquização permitiu identificar os fatores que exercem maior e menor influência na decisão de caminhar e aqueles que são essenciais ou inibidores da escolha deste modo. Os resultados da pesquisa permitem concluir que as características atitudinais ou de estilo de vida dos indivíduos influenciam fortemente o padrão de deslocamentos a pé. Os elementos que caracterizam a estrutura físico /urbana do bairro não são suficientes para explicar o padrão de deslocamentos em centros urbanos. É fundamental considerar as características sócioeconômicas e de estilo de vida dos usuários na elaboração de projetos urbanísticos e de transportes que visem preservar o ambiente de forma sustentável.

    Abstract: This paper presents a qualitative research, developed to identify the factors that influence the decision of walking as a mode of travel. The data collection was based on individual interviews technique. This approach allowed to collect opinions and perceptions of different user groups, organized according age and area of residence. The identified factors were classified and ordered according to frequency and intensity. The ordering process enabled to identify the more influent factors on the decision of walking and the factors that inhibit the choice of walking as a travel mode. The results showed that attitudinal or lifestyle characteristics strongly influence walking behavior. The analysis of

  15. Identificação de fatores de risco cardiovascular em pais/cuidadores de crianças cardiopatas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila Feijó Borges

    2012-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de morbimortalidade no mundo. No Brasil, constituem a principal causa de óbitos. OBJETIVO: Identificar fatores de risco cardiovasculares em pais/cuidadores de crianças cardiopatas, mediante avaliação do estado nutricional, condições de saúde e estilo de vida. MÉTODOS: Estudo transversal, com 150 pais ou cuidadores de crianças cardiopatas que frequentavam um ambulatório de cardiologia pediátrica. Dados de identificação, estilo de vida e condições de saúde foram coletados por meio de questionário estruturado. Para análise dos hábitos alimentares utilizou-se questionário de frequência alimentar, e para avaliação do estado nutricional foram realizadas aferições de peso, estatura e circunferência da cintura e cálculo e classificação do Índice de Massa Corporal (IMC. RESULTADOS: Foram avaliados 155 pais de crianças cardiopatas, predominantemente do sexo feminino, 91,6%; a média de idade foi 35,0 ± 10,6 anos. Os fatores de risco observados em maior prevalência foram sedentarismo (85,2%, obesidade (28% e hipertensão (22,6%. Em relação aos hábitos alimentares foi identificada elevada frequência de consumo de carne vermelha, margarina, azeite, açúcar e baixo consumo de peixes. A comparação entre os gêneros apresentou diferença significativa em relação à obesidade, detectada pelo IMC, e hipertensão, e ambas foram mais presentes entre mulheres. A medida da circunferência da cintura também evidenciou maior risco cardiovascular nas mulheres. CONCLUSÃO: Foram identificados fatores de risco para doenças cardiovasculares nos pais/cuidadores avaliados, como excesso de peso, sedentarismo e hipertensão, além de hábitos alimentares inadequados como elevada frequência de consumo de gorduras saturadas e colesterol e baixa frequência de consumo de gorduras insaturadas.

  16. Prevalência de Fatores de Risco Cardiovascular em Pacientes em Hemodiálise - O Estudo CORDIAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jayme Eduardo Burmeister

    2014-06-01

    Full Text Available Fundamentos: Há uma carência de dados epidemiológicos sobre o perfil de risco cardiovascular nos pacientes renais crônicos em hemodiálise no Brasil. Objetivo: O estudo CORDIAL foi planejado para avaliar fatores de risco cardiovascular e acompanhar a evolução de uma população em programa de hemodiálise numa cidade metropolitana do Brasil. Métodos: Todos os pacientes em hemodiálise por doença renal crônica nos quinze centros de nefrologia de Porto Alegre foram considerados para inclusão na fase inicial do estudo CORDIAL. Dados clínicos, laboratoriais e demográficos foram obtidos nos registros médicos, e em entrevistas individuais estruturadas realizadas com todos os pacientes por pesquisadores treinados. Resultados: Foram incluídos 1215 pacientes (97,3% de todos os que estavam em hemodiálise na cidade de Porto Alegre. A média de idade era 58,3 anos, 59,5% eram homens e 62,8% eram brancos. A prevalência de fatores de risco cardiovascular encontrada foi 87,5% para hipertensão, 84,7% para dislipidemia, 73,1% para sedentarismo, 53,7% para tabagismo e 35,8% para diabetes. Em uma análise multivariada ajustada, sedentarismo (p = 0,032; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,15, dislipidemia (p = 0,019; RP 1,08 - IC95%: 1,01-1,14, e obesidade (p < 0,001; RP 1,96 - IC95%: 1,45-2,63 foram mais frequentes em mulheres; e hipertensão (p = 0,018; PR 1,06 - IC95%: 1,01-1,11 e tabagismo (p = 0,006; RP 2,7 - IC95%: 1,79-4,17 foram mais frequentes naqueles com menos de 65 anos. Sedentarismo apresentou uma associação independente com tempo em diálise inferior a 12 meses (p < 0,001; RP 1,23 - IC95%: 1,14-1,33. Conclusão: Pacientes em hemodiálise nesta metrópole do sul do Brasil apresentaram uma prevalência elevada de fatores de risco cardiovascular similar a diversos países do hemisfério norte.

  17. Fatores associados à percepção de melhora por usuários de Centros de Atenção Psicossocial do Sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Uiasser Thomas Franzmann

    Full Text Available Este estudo objetivou investigar os fatores associados à melhora percebida pelos usuários de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS. Estudo transversal, realizado com 1.493 usuários de CAPS do Sul do Brasil. A melhora percebida pelos participantes foi avaliada pela Escala de Mudança Percebida - Pacientes (EMP-Pacientes. Para investigação dos fatores associados, muniu-se de uma regressão logística guiada por um modelo hierárquico que considerou como associação um valor de p < 0,05. Os fatores associados ao desfecho foram: estado de alocação do CAPS, possuir trabalho remunerado, diagnóstico de esquizofrenia, menor idade quando diagnosticado, maior tempo de frequência no serviço, facilidade de acesso e envolvimento na avaliação. Entre os fatores que efetivamente tencionam melhora nos usuários, destacam-se aqueles referentes às características da doença e os aspectos relativos aos serviços quanto à execução das políticas de saúde mental e quanto à organização deles.

  18. Fatores de risco para cicatriz renal após a primeira infeção febril do trato urinário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Cristina Freitas

    2016-03-01

    Conclusões: Os autores não detetaram nenhum fator de risco clínico, laboratorial ou imagiológico para progressão para lesão renal após um primeiro episódio de ITU febril em crianças entre 1 e 36 meses.

  19. Fatores Desarticuladores da Cooperação em Arranjos Produtivos Locais: Um Estudo Quantitativo no APL de Confecções de Tobias Barreto/SE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abimael Magno Do Ouro Filho

    2015-01-01

    Full Text Available Em decorrência do ambiente competitivo e das suas limitações, as micro e pequenas empresas (MPE ́s têm procurado soluções por meio de novas formas de organização como os APLs (Arranjos Produtivos Locais. A maior parte da literatura sobre APL aponta para os fatores motivadores na criação desses arranjos. Entretanto poucos estudos focalizam os fatores que dificultam a cooperação neste tipo de rede. Sob essa perspectiva, o objetivo deste artigo é identificar quais os fatores que influenciam na desarticulaçãoentre os atores do APL de confecções em Tobias Barreto/SE. A pesquisa utilizou o método quantitativo, e foram aplicados 224 questionários a micro e pequenas empresas participantes do APL de Tobias Barreto. Na análise dos dados, foi utilizado o teste de Mann-Whitney para teste de hipóteses, e a regressão logística univariada. Os resultados da pesquisa demonstram que o número de participantes, a falta de confiança entre eles, os conflitos e o aparecimento do comportamento oportunista são fatores que contribuem para a desarticulação entre os atores dos arranjos produtivos locais.

  20. Clima organizacional: fatores significativos na percepção de docentes e discentes vinculados a programas de pós-graduação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angélica Balconi Moro

    2014-11-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n3p1 Este estudo teve como objetivo analisar os fatores significativos do clima organizacional em programas de pós-graduação (PPGs, na percepção de docentes e discentes. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória de caráter quantitativo do tipo multi-casos. Participou da pesquisa uma amostra de 200 alunos e 52 professores de quatro PPGs de uma Instituição Pública de Ensino Superior. Os fatores selecionados para a realização deste estudo foram: Relacionamento Interpessoal; Gestão; Envolvimento/Comprometimento; Organização e Condições de trabalho; e, Realização/Satisfação. A análise dos dados demonstrou que alguns fatores, como Relacionamento interpessoal, Gestão, Envolvimento/comprometimento, Realização/satisfação apresentam alto nível de satisfação entre a amostra pesquisada. Já o fator Organização e condições de trabalho necessita atenção especial para a manutenção da satisfação dos indivíduos e consequente melhoria do clima organizacional dos PPGs.

  1. Influência de fatores ambientais sobre o desempenho de um sistema de bombeamento fotovoltaico: um estudo de caso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Airton Azevedo Santos

    2011-12-01

    Full Text Available A energia elétrica é uma das formas de energia mais utilizadas no mundo. Ela é gerada, principalmente, nas usinas hidrelétricas, usando o potencial energético da água. A instalação de painéis fotovoltaicos tem se tornado uma fonte alternativa de fornecimento de energia elétrica em locais distantes da rede elétrica. Entretanto, esses painéis, apresentam-se sujeitos a fatores ambientais como variações de intensidade solar e temperatura ambiente, que alteram os seus desempenhos. O objetivo deste trabalho é analisar o desempenho, em função da variação de temperatura e irradiação solar, de um sistema fotovoltaico de bombeamento de água na cidade de Medianeira, Região Oeste Paranaense.

  2. FATORES DETERMINANTES DA TOMADA DE DECISÃO PARA O CONSUMO DE PRODUTOS ORGÂNICOS EM UMA FEIRA LIVRE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ilton Belchior Cruvinel

    2017-06-01

    renda familiar média de 8,3 salários mínimos e que consome produtos orgânicos de três a sete vezes por semana. Os principais fatores determinantes para a tomada de decisão de compra dos produtos orgânicos foram a preocupação com a saúde, com o meio ambiente e com a qualidade dos produtos. Foi possível verificar um interesse crescente do consumidor por alimentação orgânica e, Consequentemente, saudável e sustentável.

  3. Prevalência e fatores de risco da hipertensão arterial no bairro Piratininga de Osasco

    OpenAIRE

    Silvia Helena Cruz Pereira

    2010-01-01

    Introdução: A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é um importante problema de saúde pública mundial, por sua alta prevalência e por ser causa de doenças que são fatais ou que levam a invalidez permanente. Objetivo: Conhecer a prevalência da hipertensão arterial sistêmica e as relações existentes entre os fatores de risco e a HAS, em adultos, da população cadastrada pelo Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), no bairro Piratininga da cidade de Osasco. Métodos: O presente estudo epi...

  4. Fatores psicológicos de risco e protetores associados à ideação Suicida em Adolescentes

    OpenAIRE

    Brás, Marta; Jesus, Saul; Carmo, Cláudia

    2016-01-01

    Os adolescentes são referenciados como um grupo de risco de suicídio, no Plano Nacional de Prevenção do Suicídio (DGS, 2013), pelo que importa estudar a sua vulnerabilidade psicológica para os atos suicidas. O presente estudo teve como principal objetivo estudar a relação dos fatores psicológicos de risco e de proteção com a ideação suicida. A amostra foi constituída por 344 adolescentes, com idades compreendidas entre os 14 e os 19 anos (M = 16,97; DP = 1,11), dos quais 144 eram do sexo masc...

  5. Prevalência e fatores associados ao uso de drogas ilícitas em gestantes da coorte BRISA

    OpenAIRE

    Priscila Coimbra Rocha; Maria Teresa Seabra Soares de Britto e Alves; Deysianne Costa das Chagas; Antônio Augusto Moura da Silva; Rosangela Fernandes Lucena Batista; Raimundo Antonio da Silva

    2016-01-01

    Resumo O artigo objetiva analisar a prevalência e fatores associados ao uso de drogas ilícitas na gestação. Estudo transversal, aninhado à coorte pré-natal do estudo de coorte BRISA. Utilizou-se medidas de frequência e modelo de regressão logística múltipla hierarquizada. A prevalência estimada foi de 1,45% para o uso de drogas ilícitas, 22,32% para o uso de bebidas alcóolicas e 4,22% para o de cigarro. A população mostrou-se jovem, de 20-34 anos de idade (81%), com escolaridade de 9-11 anos ...

  6. Fatores de satisfação e insatisfação entre os pacientes assistidos pelo SUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sérgio Ribeiro dos Santos

    1999-03-01

    Full Text Available Este estudo foi desenvolvido com o propósito de identificar os fatores que causam satisfação ou insatisfação nos pacientes internos em hospitais conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS, com base na assistência prestada durante o período de internação. A amostra foi constituída de cento e setenta pacientes. Para a coleta de dados, utilizou-se um questionário com quarenta e sete questões fechadas. Os resultados obtidos revelaram diversos aspectos que comprometem a qualidade do serviço prestado, tais como: serviço médico, nutrição, enfermagem e o ambiente. Assim, conclui-se que há insatisfação nos pacientes em relação aos serviços oferecidos pelo SUS.

  7. Modelo Preditivo para Cesariana com Uso de Fatores de Risco Predictive Model using Risk Factors for Cesarean Section

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo de Almeida Cunha

    2002-01-01

    Full Text Available Objetivos: Identificar fatores anteparto relacionados à ocorrência de cesariana. Construir modelo preditivo de cesariana. Pacientes e Métodos: Foram estudados todos os 843 partos assistidos em unidade obstétrica de nível III, no período de junho de 1993 a novembro de 1994.O delineamento do estudo foi de coorte do tipo retrospectivo. O critério de inclusão foi de recém-nascido vivo pesando 1.000 g ou mais. A variável dependente foi cesariana, dicotomizada como presente ou ausente. As variáveis independentes foram os fatores anteparto relacionados à cesariana. Para a construção do modelo foi utilizada a regressão logística. Resultados: O modelo multivariado mostrou risco de cesariana de acordo com as seguintes variáveis independentes: adolescência (idade inferior a 20 anos, odds ratio (OR = 0,396; idade materna igual ou superior a 28 anos, OR = 2,133; antecedente de parto normal, OR = 0,626; antecedente de cesariana OR = 4,576; assistência pré-natal, OR=2,346; apresentação pélvica, OR = 4,174; gemelaridade OR = 14,065; hemorragia da segunda metade da prenhez, OR = 28,189; pré-eclampsia leve, OR = 2,180; pré-eclampsia grave, OR = 16,738; hipertensão arterial crônica, OR = 4,927, e outras intercorrências maternas, OR = 2,012. O modelo matemático mostrou concordância entre a probabilidade prevista e a resposta observada em 82,3%, o que indica sua eficiência. Conclusões: Foram identificados 12 fatores anteparto relacionados à ocorrência de cesariana. Foi possível construir modelo preditivo de cesariana utilizando os fatores de risco anteparto identificados no presente estudo.Purpose: to investigate antepartum factors related to cesarean section and develop a cesarean section predictive model. Methods: the study design was a retrospective cohort which included all the cared 843 deliveries in a third level unit from June 1993 through November 1994. Children with 1,000 g birthweight and above were included. The

  8. Fatores de risco para mastite subclínica em vacas leiteiras Risk factors for subclinical mastitis in dairy cows

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C.M. Coentrão

    2008-04-01

    Full Text Available Os fatores de risco para mastite subclínica (CCS > 200.000 células/ml foram estudados em 2.657 vacas, de 24 rebanhos de Minas Gerais. Cada rebanho foi visitado três vezes entre novembro de 2005 e junho de 2006. Amostras de leite (n=3.987 de vacas em lactação foram examinadas para contagem de células somáticas (CCS, e um questionário foi aplicado para obtenção de dados dos animais e do manejo do rebanho. Os valores para a média, mediana e desvio-padrão da CCS foram 608.000, 219.000 e 967.000 células/ml, respectivamente. Os fatores de risco para mastite subclínica foram: animais com a base do úbere junto ou abaixo do jarrete, rachaduras ou fissuras nas partes de borracha do equipamento de ordenha, inadequação das teteiras, deficiência de limpeza dos pulsadores, falta de treinamento dos ordenhadores, não-utilização de diagnóstico microbiológico para mastite, imersão do conjunto de teteiras em solução desinfetante entre a ordenha de animais distintos, e inserção total da cânula de antibiótico nos tetos na secagem da vaca. A alta variação da CCS (608.000± 967.000 células/ml sugere que outros fatores, como o número de quartos mamários infectados e os patógenos envolvidos, podem ter influenciado os resultados. A metodologia utilizada não permitiu identificar todos os fatores que poderiam aumentar a CCS. Contudo, os resultados são úteis para aprimorar os programas de controle da mastite.This study was carried out to identify risk factors for subclinical mastitis (SCC > 200,000 cells/ml. A total of 2,657 lactating cows from 24 herds in the State of Minas Gerais, Brazil, were included in the study. Each farm was visited three times in an 8-month period from November 2005 to June 2006. At each visit, all milking cows were examined for clinical mastitis by a single observer. A total of 3,987 milk samples were examined for somatic cell counts (SCC. The mean, median, and standard deviation values for SCC were

  9. Fatores influenciadores da gestão da qualidade e independência do auditor: um estudo de caso

    OpenAIRE

    Gonçalves, Mónica Albertina Vieira

    2012-01-01

    Dissertação apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade para obtenção do Grau de Mestre em Auditoria Orientada por: Doutora Alcina Dias Muitas empresas promovem a Gestão da Qualidade e a Informação Credível como um valor central para o cliente e consideram-nas um fator crítico de sucesso para atingir a competitividade. A melhoria da qualidade quer a nível de Gestão quer a nível de Informação é considerada por vários autores como a melhor forma de satisfazer o cliente, reduzindo o...

  10. Fatores pessoais, desportivos e psicológicos no comportamento de exercício físico

    OpenAIRE

    Luís Carneiro; António Rui Gomes

    2015-01-01

    Introdução: os benefícios do exercício físico (EF) são bem conhecidos. Contudo, mais de 60% da população mundial é fisicamente inativa ou ativa de forma insuficiente para atingir tais vantagens. Neste sentido, torna-se importante compreender os fatores envolvidos na prática de EF, de modo a promover a participação desportiva e a prevenir o abandono do exercício. Objetivo: analisar as diferenças num conjunto de variáveis psicológicas em função da tendência para efetuar EF e as variáveis predit...

  11. Transtornos mentais em pacientes portadores de HIV: um estudo de prevalÃncia e fatores associados

    OpenAIRE

    Carolina Saraiva Nunes de Pinho

    2015-01-01

    A associaÃÃo frequente entre transtornos mentais e infecÃÃo pelo VÃrus da ImunodeficiÃncia Humana (HIV) pode relacionar-se aos fatores de risco, a saber: maior exposiÃÃo ao HIV que alguns desses transtornos acarretam; circunstÃncias de vida frequentemente associadas ao diagnÃstico da infecÃÃo; reaÃÃo ao diagnÃstico; a prÃpria infecÃÃo pelo HIV. Objetivou-se neste estudo identificar a prevalÃncia de transtornos mentais (depressÃo, transtorno bipolar, psicose, transtorno de ansiedade generaliza...

  12. Expressão citofotométrica dos marcadores tumorais CD-34 e fator VIII no câncer de cólon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cacilda Joyce Ferreira da Silva Garcia

    Full Text Available OBJETIVOS: Verificar a posssibilidade de quantificar a expressão dos marcadores tumorais CD-34 e Fator VIII no câncer de cólon; verificar se existe superioridade entre um marcador e outro para estudo da angiogênese; verificar se há correlação na análise do índice de marcagem e a densidade óptica média nos marcadores utilizados. MÉTODOS: Dezessete casos de adenocarcinoma colorretal recuperados de blocos de parafina e confirmados pela hematoxilina-eosina, foram submetidos à coloração imunoistoquímica pelo método da estreptoavidina-biotina-peroxidase e utilizados os marcadores tumorais CD-34 e Fator VIII. Após este processo as lâminas foram submetidas à leitura no sistema Samba 4000® e avaliadas pelo software Immuno®. Os parâmetros estudados foram: índice de marcagem e densidade óptica, expressos por médias, medianas, valores mínimos, valores máximos e desvios-padrão, analisados estatisticamente. RESULTADOS: Para o marcador CD-34 não houve normalidade dos dados em relação ao índice de marcagem e houve para a densidade óptica. Para o Fator VIII, houve normalidade de dados em relação ao índice de marcagem e para a densidade óptica. CONCLUSÃO: Foi possível quantificar a expressão dos marcadores tumorais CD-34 e Fator VIII através do índice de marcagem e da densidade óptica média; não houve diferença entre os marcadores em relação à média do índice de marcagem e da densidade óptica, não sendo possível definir superioridade entre um e outro; não foi observada tendência à correlação quando comparados densidade óptica e índice de marcagem do Fator VIII e do CD-34 isoladamente estudados; não houve correlação entre o índice de marcagem do Fator VIII quando comparado com o CD-34, bem como a densidade óptica do Fator VIII com o CD-34.

  13. COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR DE VINHOS DA REGIÃO DAS MISSÕES: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE OS FATORES INFLUENCIADORES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lara Denise Basso

    2016-10-01

    Full Text Available Este estudo analisa o comportamento do consumidor de vinhos da Região das Missões - RS, a partir da investigação de quais fatores mais influenciam os hábitos de consumo, entre os fatores psicológicos, sociais, culturais e pessoais. No que diz respeito à base teórica, essa foi construída pautada em conceitos de comportamento do consumidor, bem como nos quatro fatores que o influenciam. Além disso, apresenta-se uma breve contextualização do vinho no RS. Quanto aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa, caracterizada como descritiva de abordagem quantitativa ,investigou 158 pessoas em três municípios: Cerro Largo, São Luiz Gonzaga e Santo Ângelo, pro meio de uma pesquisa survey. Os questionários foram aplicados presencialmente junto aos respondentes. No que tange aos resultados, percebeu-se que os fatores que mais impactam o comportamento do consumidor de vinhos da região estudada são os fatores sociais, recebendo destaque a influência da família no comportamento de consumo. Além disso, entre os fatores motivadores do consumo de vinho, segundo a percepção dos respondentes, está o fato de a bebida fazer bem para a saúde, além de provocar sensação de bem-estar. Quanto às ocasiões de consumo, a maior parte dos respondentes gosta de consumir vinho em sua própria residência. No que diz respeito aos critérios utilizados para a escolha do vinho, a maioria costuma dar importância à cor da bebida e, quanto aos locais de aquisição, mais da metade dos respondentes costuma adquirir vinhos em viagens. Palavras-Chave: Comportamento do Consumidor. Vinhos. Fatores Influenciadores.

  14. Fatores associados a sintomas de transtornos alimentares entre escolares da rede pública da cidade do Salvador, Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thaisy Cristina Honorato Santos Alves

    2012-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar prevalência e fatores associados aos sintomas de transtornos alimentares entre escolares. MÉTODOS: Estudo transversal envolvendo 365 escolares, de 7 a 14 anos de idade, do ensino fundamental de Salvador/BA. Aplicou-se nos escolares 13 anos de idade, o Teste de Atitudes Alimentares-26, o Teste de Investigação Bulímica de Edinburgh e o Teste de Imagem Corporal. O Child Behavior Checklist foi aplicado para todos os escolares. Coletaram-se dados antropométricos e alimentares, sobre estilo de vida, demográficos, socioeconômicos e puberais. Na análise estatística utilizou-se regressão de Poisson. RESULTADOS: Sintomas de transtornos alimentares estavam presentes em 23% dos escolares. Idade (RP: 1,25; IC95%: 1,11-1,40, insatisfação com imagem corporal (RP: 4,23; IC95%: 2,53-7,08, problema de comportamento de internalização (RP: 1,78; IC95%: 1,11-2,85, substituição das refeições por consumo de balas (RP: 2,14; IC95%: 1,24-3,69, maior consumo de frutas e outros vegetais (RP: 2,49; IC95%: 1,55-3,99 e escolaridade materna de 5ª a 8ª série (RP: 1,95; IC95%: 1,06-3,58 associaram-se ao aumento da ocorrência dos sintomas de transtornos alimentares. CONCLUSÃO: Observou-se alta prevalência de sintomas de transtornos alimentares entre os escolares; fatores sociodemográficos e comportamentais estavam associados ao evento.

  15. Possíveis fatores estressantes na unidade de terapia intensiva neonatal em hospital universitário

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kamila Reis Jordão

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Verificar possíveis fatores estressantes aos quais os recém-nascidos estão expostos na unidade de terapia intensiva neonatal. Métodos: Os níveis de ruídos contínuos foram verificados por meio do decibelímetro posicionado próximo ao ouvido do recém-nascido; a luminosidade foi verificada pelo luxímetro posicionado dentro das incubadoras diante dos olhos do recém-nascido; e a verificação da temperatura se deu por meio da visualização do display das incubadoras. As avaliações foram realizadas em três períodos do dia, tendo sido realizadas dez medições com intervalo de 1 minuto em cada turno para posteriores análises estatísticas. Resultados: Todos os turnos apresentaram ruídos acima dos níveis aceitáveis. Manhã (p < 0,001, tarde (p < 0,05 e noite (p < 0,001 apresentaram aumento significativo comparado ao controle. A luminosidade excedeu os padrões de normalidade significativamente (p < 0,01 no período da manhã. Quanto à temperatura, observamos que apenas uma das incubadoras encontrava-se dentro dos padrões de normalidade. Conclusão: A intensidade dos ruídos, da luminosidade e da temperatura não estavam de acordo com as normas regulatórias, podendo ser assim um possível fator estressante para o recém-nascido.

  16. Fatores de influência no Processo de Compra de Serviço de Turismo por Idosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel R. D. Levrini

    2016-10-01

    Full Text Available O aumento da população da terceira idade está se tornando muito atrativo para o mercado de consumo, o crescimento deste grupo somado à disponibilidade de tempo indica que a terceira idade seja um segmento em potencial principalmente pelo interesse por viajar. O setor de turismo deve então explorar esses clientes e preparar-se para satisfazê-los. Nesse sentido, esta pesquisa tem como objetivo analisar os fatores que influenciam os idosos na decisão de compra por viagens de lazer. Para a coleta de dados, foi utilizado o método qualitativo exploratório, aplicado através de entrevistas em profundidade por meio de roteiro semiestruturado, com quinze entrevistados com faixa etária que varia entre 60 e 90 anos de idade, que realizam viagens de lazer. Na análise dos dados, as respostas obtidas nas entrevistas foram analisadas de acordo com os objetivos específicos embasadas na teoria apresentada neste estudo. Dessa forma, foi possível concluir que os fatores influenciadores na decisão de compra dos consumidores idosos, são principalmente, o estilo de vida que o indivíduo leva suas motivações e suas culturas. Além disso, os idosos necessitam de reconhecimento, assim como inclusão nos meios sociais, o que de fato, é o que buscam ao realizar viagens de lazer.

  17. Fatores de risco cardiovascular e consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Elisabete Hilgenberg

    2016-04-01

    Full Text Available Resumo O objetivo deste artigo é investigar a prevalência de fatores de risco cardiovascular e inadequações de consumo alimentar em cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira e a associação com sexo e ano de formação. Estudo transversal com 166 cadetes da Academia da Força Aérea Brasileira, em Pirassununga – SP, entre junho e dezembro de 2013. Foram avaliadas medidas antropométricas, parâmetros bioquímicos e clínicos, nível de atividade física, tabagismo e consumo alimentar. Testes de Qui-Quadrado de Pearson ou Exato de Fisher foram utilizados. A prevalência de excesso de peso (IMC >25,0 kg/m2 foi de 29,7% nos homens e de 16,7% nas mulheres. Hipertensão arterial foi prevalente em 15,2% dos homens. Verificou-se hipercolesterolemia em 50,7% dos cadetes; 24,3% apresentaram valores elevados de lipoproteína de baixa densidade e, 11,2%, lipoproteína de alta densidade baixa. Houve associação entre tempo de permanência na Academia e lipoproteína de alta densidade baixa. Observou-se consumo elevado de gorduras saturadas (87,2% e de colesterol (42,7%. A ingestão inadequada de fibras foi verificada em 92,7% da amostra. Observou-se considerável prevalência de fatores de risco cardiovascular entre os cadetes, principalmente hipercolesterolemia e consumo alimentar inadequado.

  18. O tabagismo como fator de risco para as doenças periodontais: aspectos microbiológicos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GAETTI-JARDIM JÚNIOR Elerson

    1998-01-01

    Full Text Available O fumo é considerado importante fator predisponente para muitas doenças, incluindo-se as periodontopatias. Desde que as doenças periodontais representam a inter-relação entre os fatores de virulência da microbiota subgengival sobre um hospedeiro susceptível, foi objetivo avaliar a freqüência de isolamento de três periodontopatógenos em indivíduos sadios e pacientes com doença periodontal, fumantes ou não, com níveis variados de higiene bucal; verificar a relação entre o número de microrganismos produtores de sulfeto de hidrogênio na placa subgengival de fumantes e não fumantes e sua condição clínica. Foram examinados 189 pacientes e indivíduos sadios, dos quais 60 foram selecionados para análise microbiológica. O índice de placa foi registrado de acordo com o índice de O'Leary e os espécimes de placa subgengival coletados e processados de acordo com SLOTS35 (1982. A identificação dos isolados foi obtida pelas suas características morfocelulares, morfocoloniais e bioquímico-fisiológicas. Verificou-se que a freqüência de isolamento dos bastonetes anaeróbios produtores de pigmento negro, Fusobacterium nucleatum e bactérias produtoras de sulfeto de hidrogênio foi similar entre fumantes e não fumantes, sendo mais elevada nos pacientes com doença periodontal. Já Actinobacillus actinomycetemcomitans foi isolado mais freqüentemente em sadios fumantes do que sadios não fumantes.

  19. Gravidez na adolescência: análise de fatores de risco para baixo peso, prematuridade e cesariana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nilma Lázara de Almeida Cruz Santos

    2014-03-01

    Full Text Available O objetivo do estudo foi analisar possíveis associações entre a faixa etária materna até 16 anos, com o peso e a idade gestacional do recém-nascido, assim como a ocorrência de cesaria na. Estudo transversal com dados das Declarações de Nascidos Vivos/DN obtidos através do Sistema Nacional de Nascidos Vivos/SINASC, de Feira de Santana, Bahia, Brasil, no período 2006 a 2012. Nas análises, utilizou-se regressão logística, em razão de odds (OR e intervalo de confiança de 95 %, medindo a força de associação entre variáveis, ajustadas aos fatores de confundimento. Os Recém Nascidos de baixo peso e de peso insuficiente mostraram associação significante com a faixa etária materna (< 16 anos; e interação estatística do pré-natal inadequado e cesariana; em gestantes adolescentes com idade abaixo de 16 anos, a cesariana mostrou associação significante com estado civil solteira (OR 1,24, pré-natal inadequado (OR 1,58 e Recém Nascidos de baixo peso (OR 1,34. Os dados sugerem que múltiplos fatores podem interferir no tipo de parto e resultado gestacional de adolescentes em idade muito precoce, apontando a importância de investimentos em políticas e ações direcionadas a esse grupo, considerado de alta vulnerabilidade aos agravos gestacionais e perinatais.

  20. Fatores de erros na mensuração da mortalidade infantil Error factors in the measurement of infant mortality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ruy Laurenti

    1975-12-01

    Full Text Available Dentre os indicadores de saúde tradicionalmente utilizados a mortalidade infantil destaca-se como um dos mais importantes. Frequentemente é utilizada por profissionais de saúde pública na caracterização do nível de saúde e em avaliações de programas. Existem, porém, vários fatores de erros que afetam o seu valor e dentre esses são destacados: a definição dos nascidos vivos e sua aplicação na prática, o sub-registro de óbito e de nascimento, o registro do óbito por local de ocorrência, a definição de nascido vivo no ano e a declaração errada na idade. Existem também erros qualitativos que dizem respeito, principalmente, a declarações erradas da causa de morte. Vários desses fatores foram medidos para São Paulo.Among the traditionally used health indices the infant mortality rate is distinguished as the most important one. Frequently it is used by the public health professionals for health level characterization and for the evaluation of programmes. There are, however, several error factors that affect its value, among which are the live birth definition and its true use; underregistration of deaths and births; the death register by place of occurrence; live birth definition in the year, and the wrong age information. There are also qualitative errors due to wrong information as regards the causes of death. Several of these factors were discussed for S. Paulo.

  1. Fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros: estudo transversal de base populacional

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letícia Casado Costa

    2012-06-01

    Full Text Available No Brasil, devido às mudanças nos perfis demográfico, epidemiológico e nutricional da população, as doenças infecciosas vêm cedendo lugar às crônicodegenerativas. Em face da grande heterogeneidade demográfica, social e econômica do país, são exigidas ações de saúde pública que sejam direcionadas às realidades locais. Com o objetivo de identificar os fatores associados ao risco para doenças não transmissíveis em adultos brasileiros, foi realizado um inquérito domiciliar, entre junho de 2002 e outubro de 2005, em amostra representativa de 18 capitais brasileiras. As prevalências dos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis foram: excesso de peso; atividade física irregular ou sedentarismo;consumo de cigarros; consumo de álcool de risco; hipertensão arterial referida; diabetes referida; e hipercolesterolemia referida. A ausência de fatores de risco foi observada em apenas 8,5% da população entrevistada. Conclui-se que a alta prevalência de exposição a pelo menos um dos fatores de risco estudados evidencia que as ações em saúde devem ser multifatoriais e não dirigidas somente a um fator isolado.

  2. Hábitos alimentares e fatores de risco para aterosclerose em estudantes de Bento Gonçalves (RS) Dietary habits and risk factors for atherosclerosis in students from Bento Gonçalves (state of Rio Grande do Sul)

    OpenAIRE

    Hosana Maria Speranza Cimadon; Renata Geremia; Lucia Campos Pellanda

    2010-01-01

    FUNDAMENTO: A doença cardiovascular aterosclerótica inicia seu processo na infância precoce e é influenciada ao longo da vida por fatores genéticos e exposição ambiental a fatores de risco potencialmente modificáveis. OBJETIVO: Investigar a prevalência de fatores de risco para aterosclerose com ênfase nos hábitos alimentares em uma cidade de colonização predominantemente italiana. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, envolvendo 590 estudantes do ensino fundamental com idades entr...

  3. Dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares Habitual diet and cardiovascular disease risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Cervato

    1997-06-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Estudo descritivo por amostragem em munícípio do Estado de São Paulo, Brasil, em 1990, com objetivo de analisar, mediante entrevistas domiciliares, a dieta habitual e fatores de risco para doenças cardiovasculares em indivíduos maiores de 20 anos. METODOLOGIA: Foram entrevistados 557 indivíduos, de idade entre 20 e 88 anos, que fazem parte de subamostra de um estudo global na região. A dieta habitual, identificada pelo histórico alimentar foi comparada às recomendações da OMS e os fatores de risco estudados (obesidade, dislipidemias, diabetes melito diagnosticados pelo Índice de Massa Corpórea e dosagens bioquímicas. RESULTADOS E CONCLUSÕES: Observou-se que 60% da população consome dieta com energia total abaixo da estimativa das necessidades e que a contribuição calórica dos carboidratos foi de 56%, dos lipídios de 29% e das proteínas de 15%. Entretanto, na análise por percentil, a contribuição calórica dos lipídios e das proteínas encontra-se muito acima dos padrões recomendados em detrimento dos carboidratos. A energia, distribuição calórica e quantidade de colesterol foi adequada em apenas 5% das dietas. Dentre os fatores de risco para doenças cardiovasculares estudados observou-se a prevalência de obesidade em 38% dos indivíduos, de dislipidemias em 26% e de diabetes melito em 5%. A atividade física leve preponderante com dieta inadequada, tanto em termos de qualitativos quanto quantitativos, agravam ainda mais esse quadro.INTRODUCTION: A survey by sampling in a county of the State of S. Paulo in 1990 sought, by means of home interviews, to analyse the habitual diet and risk factors for cardiovascular disease of people over 20 years of age. METHODOLOGY: Of the sub-specimen of a comprehensive study population, 557 individuals, aged between 20 and 88, were interviewed. The habitual diet, characterized by the dietary history, was compared with the recommendations on energy and nutrients of the

  4. Fatores associados à qualidade de vida de pacientes com esquizofrenia Associated factors to quality of life of patients with schizophrenia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Araújo de Souza

    2006-03-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tratamento de portadores de transtornos mentais graves e crônicos tem experimentado grandes mudanças no Brasil, com uma crescente valorização de tratamentos de base comunitária. Estes pacientes passam, concomitantemente, a receber um tratamento que valoriza antes a sua reinserção social e melhora das condições de vida, do que a mera abolição de seus sintomas principais. Assim, torna-se fundamental a avaliação da qualidade de vida dos pacientes vivendo na comunidade. MÉTODO: Uma revisão bibliográfica foi realizada com o objetivo de descrever a distribuição dos fatores sociodemográficos e clínicos que influenciam a qualidade de vida de indivíduos com esquizofrenia. RESULTADOS: Foram selecionados 25 estudos, a maior parte de países europeus. A maioria foi realizada na década de 90. Quase todos os estudos eram seccionais, e a maior parte avaliou amostras de indivíduos vivendo na comunidade. Os fatores sociodemográficos, excetuando a renda mensal, não se mostraram associados à qualidade de vida. Contudo, alguns estudos encontraram associações entre gênero, idade, estado civil e escolaridade com a qualidade de vida. Os sintomas depressivos e ansiosos se mostraram associados a uma pior qualidade de vida em diversos estudos. Observou-se associação similar quanto aos sintomas negativos e positivos da esquizofrenia, mas sem a mesma consistência. CONCLUSÕES: Os estudos não foram consistentes quanto à associação entre fatores sociodemográficos e clínicos e qualidade de vida de pacientes com esquizofrenia. É possível que essa heterogeneidade de achados seja decorrente tanto de aspectos vinculados à doença quanto ao desenho desses estudos, pouco adequados à investigação de associações causais.OBJETIVE: Treatment of individuals with schizophrenia in Brazil has been gradually shifting from an almost exclusively hospital-based approach to a community-based treatment. These patients have received

  5. Fatores de risco para hospitalização de crianças e adolescentes asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Lasmar

    2002-08-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a ocorrência e os fatores de risco associados à hospitalização de um grupo de crianças asmáticas e realizar diagnóstico da assistência à saúde desses pacientes. MÉTODOS: Foram estudados 325 pacientes (crianças e adolescentes asmáticos, registrados em um ambulatório de referência, sendo que 202 já haviam sido hospitalizados. O diagnóstico da assistência prestada foi feito por meio de formulário que abordou características gerais das hospitalizações e fatores biológicos, demográficos, socioeconômicos e os relacionados à asma. Análises univariada e multivariada foram empregadas para verificar a associação entre variáveis independentes e a ocorrência de hospitalização. RESULTADOS: Dos pacientes estudados, 62,2% já haviam sido hospitalizados durante sua moléstia, 64,9% iniciaram crises, e 60,9% se internaram no primeiro ano de vida. A maioria (76,0% apresentava formas clínicas moderadas e graves. Apesar disto, 94,2% não estavam em uso de drogas profiláticas, recebendo assistência apenas durante o episódio agudo. Nenhum dos pacientes se encontrava vinculado à atenção primária para controle periódico da doença e profilaxia com corticosteróides inalados. Os familiares (97,8% não dispunham de conhecimentos básicos necessários ao manejo da asma. Os principais fatores de risco para hospitalização foram: a idade de início dos sintomas antes de 12 meses de idade (OR=3,20, IC95%, 1,55-6,61 ou entre 12 e 24 meses (OR=3,89, IC95%, 1,62-9,36, a escolaridade materna inferior a sete anos de estudos (OR=3,06, IC95%, 1,62-5,76, a gravidade da doença (OR=2,32, IC95%, 1,36-3,96, o número de consultas a serviços de urgência igual ou superior a duas vezes por mês (OR=2,19, IC95%, 1,24-3,88 e o diagnóstico de encaminhamento de pneumonia de repetição (OR=2,00; IC95%, 1,06-3,80. CONCLUSÃO: Com vistas à redução dos índices de hospitalização, os serviços de saúde devem se organizar para

  6. Fatores de risco para hospitalização de crianças e adolescentes asmáticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lasmar Laura

    2002-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a ocorrência e os fatores de risco associados à hospitalização de um grupo de crianças asmáticas e realizar diagnóstico da assistência à saúde desses pacientes. MÉTODOS: Foram estudados 325 pacientes (crianças e adolescentes asmáticos, registrados em um ambulatório de referência, sendo que 202 já haviam sido hospitalizados. O diagnóstico da assistência prestada foi feito por meio de formulário que abordou características gerais das hospitalizações e fatores biológicos, demográficos, socioeconômicos e os relacionados à asma. Análises univariada e multivariada foram empregadas para verificar a associação entre variáveis independentes e a ocorrência de hospitalização. RESULTADOS: Dos pacientes estudados, 62,2% já haviam sido hospitalizados durante sua moléstia, 64,9% iniciaram crises, e 60,9% se internaram no primeiro ano de vida. A maioria (76,0% apresentava formas clínicas moderadas e graves. Apesar disto, 94,2% não estavam em uso de drogas profiláticas, recebendo assistência apenas durante o episódio agudo. Nenhum dos pacientes se encontrava vinculado à atenção primária para controle periódico da doença e profilaxia com corticosteróides inalados. Os familiares (97,8% não dispunham de conhecimentos básicos necessários ao manejo da asma. Os principais fatores de risco para hospitalização foram: a idade de início dos sintomas antes de 12 meses de idade (OR=3,20, IC95%, 1,55-6,61 ou entre 12 e 24 meses (OR=3,89, IC95%, 1,62-9,36, a escolaridade materna inferior a sete anos de estudos (OR=3,06, IC95%, 1,62-5,76, a gravidade da doença (OR=2,32, IC95%, 1,36-3,96, o número de consultas a serviços de urgência igual ou superior a duas vezes por mês (OR=2,19, IC95%, 1,24-3,88 e o diagnóstico de encaminhamento de pneumonia de repetição (OR=2,00; IC95%, 1,06-3,80. CONCLUSÃO: Com vistas à redução dos índices de hospitalização, os serviços de saúde devem se organizar para

  7. FATORES HUMANOS E CONDIÇÕES DE TRABALHO DAS ATIVIDADES EM UMA FÁBRICA DE FERRAMENTAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pompeu Paes Guimarães

    2013-11-01

    Full Text Available Este trabalho tem por objetivo avaliar os fatores humanos e as condições de trabalho nas atividades de produção de ferramentas. Este envolve: área de corte 1  e 2, região de orvado, área de viragem, área de forjamento, área da marcadora, têmpera, inserção de cabos, esmeril, envernizamento e soldagem. Os fatores humanos dos trabalhadores foram caracterizados com o uso de um questionário estruturado abrangendo as condições gerais de trabalho, os fatores humanos do trabalhador, as condições de saúde, o treinamento, bem como a segurança no trabalho e conhecer a opinião dos trabalhadores sobre suas funções. A atividade de envernizamento foi a atividade de maior facilidade, menos perigosa e menos cansativa e o esmeril, de menor preferência, mais perigosa e cansativa. Foi detectado alto índice de acidentes no processo de produção de ferramentas afetando, principalmente, a região dos dedos (72%.  Foi detectada, na opinião dos trabalhadores, que o esmeril é a máquina que causa maiores problemas nas atividades de produção de ferramentas, alcançando altos índices de acidentes. Com isso, a satisfação do trabalhador fica comprometida, realçada no cansaço físico relatado após a  jornada de trabalho, descontentamento ao uso de EPI’s, como avental e respirador, sendo que estes deixaram de causar 51% de acidentes.Palavra-chave: Ergonomia, qualidade de vida, produção de ferramentas.HUMAN FACTORS AND WORKING CONDITIONS OF THE ACTIVITIESIN A TOOLS FACTORY ABSTRACTThis paper aimed to evaluate the human factors and working conditions in the production activities of tools. This involves: cutting area 1 and 2, orvado region, turning area, forging area, area marker, tempera, cables  insertion and, grinder, varnishing and welding. The human factors were characterized by using a structured questionnaire covering general working conditions, worker's human factors, health conditions, training and safety at work and know the

  8. Risk factors for atopic eczema in school children Fatores de risco para eczema atópico em escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo F. Wandalsen

    2005-03-01

    Full Text Available OBJECTIVES: to study risk factors related to atopic eczema (AE in school children of São Paulo. METHODS: 1972 parents or guardians of 6-7 years old children in the Southern Central area of São Paulo answered to a written questionnaire (standardized questionnaire of the International Study of Asthma and Allergies in Childhood plus a complementary questionnaire regarding family history of asthma and allergies, and exposure to environmental allergens. AE was defined by the presence of an itchy rash in the last year. Risk factors were analyzed through logical regression. RESULTS: the following factors were significantly associated with AE: history of maternal (OR: 4.1; 95%CI: 2.4 to 7.1 and paternal eczema (OR: 2.6; 95%CI: 1.4 to 5.0, dust in the child's bedroom (OR: 1.6; 95%CI: 1.1 to 2.4, lower maternal education (OR: 1.7; 95%CI: 1.1 to 2.7, rhinitis fever (OR: 1.7; 95%CI: 1.1 to 2.9 and wheezing in the last year (OR: 1.9; 95%CI: 1.2 to 2.8. CONCLUSIONS: our data suggest that AE has a specific pattern of inheritance. The presence of dust in the child's bedroom was the single environmental risk factor found. Diagnose of other allergic diseases, as well as the presence of recent symptoms were strongly associated with AE in children.OBJETIVOS: identificar fatores de risco relacionados ao eczema atópico (EA em escolares do município de São Paulo. MÉTODOS: 1972 pais de escolares de 6-7 anos da região centro-sul de São Paulo responderam a questionários escritos (questionário padrão do International Study of Asthma and Allergies in Childhood e questionário complementar sobre história familiar de doenças alérgicas e exposição ambiental a potenciais fontes de alérgenos e irritantes. A presença de manchas na pele com coceira nos últimos 12 meses, definiu os escolares com EA. Os fatores de risco foram analisados por regressão logística. RESULTADOS: as variáveis significantemente associadas ao EA foram: história materna (OR: 4,1; IC95

  9. Fatores associados ao consumo regular de refrigerante não dietético em adultos de Pelotas, RS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2011-04-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores associados ao consumo regular de refrigerantes não dietéticos por adultos. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional com 972 adultos (20 a 69 anos do município de Pelotas, RS, realizado em 2006. A freqüência de consumo nos 12 meses anteriores à pesquisa foi medida por meio da pergunta: "em geral desde o do ano passado, quantas vezes tu tomaste refrigerante não dietético?". As respostas categorizadas foram dicotomizadas para fins de análise. Foi considerado consumo regular de refrigerante não dietético a freqüência de cinco ou mais vezes por semana. A associação entre o desfecho e variáveis demográficas, socioeconômicas, comportamentais e nutricionais foi analisada pelo teste qui-quadrado para heterogeneidade e tendência linear e a análise multivariável foi realizada por meio de regressão de Poisson, com variância robusta. RESULTADOS: Cerca de um quinto da população adulta de Pelotas (20,4% ingeria regularmente refrigerante não dietético. Indivíduos do sexo masculino (RP 1,50; IC95%: 1,20;2,00, fumantes atuais (RP 1,60; IC95%: 1,20;2,10 e que consumiam semanalmente lanches (RP 2,10; IC95%: 1,60;2,70 apresentaram maior prevalência de consumo de refrigerantes não dietéticos na análise ajustada. A análise estratificada por sexo mostrou que o consumo regular de frutas, legumes e verduras foi fator protetor ao consumo de refrigerantes entre mulheres (RP 0,50; IC95%: 0,30;0,90. CONCLUSÕES: A freqüência do consumo regular de refrigerantes não dietéticos na população adulta foi elevada, particularmente entre homens, jovens e fumantes.

  10. QUEMERINA E FATORES RELACIONADOS AO RISCO CARDIOVASCULAR EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Sequeira Fontes

    2018-01-01

    Full Text Available RESUMO Objetivo: Sintetizar os achados sobre a quemerina e os fatores relacionados ao risco cardiovascular em crianças e adolescentes. Fontes de dados: Realizou-se uma revisão sistemática de acordo com os itens propostos pela diretriz PRISMA nas bases de dados PubMed, Science Direct e Lilacs. Utilizaram-se os descritores chemerin de forma associada a children e adolescent, sem limite de tempo. A pesquisa limitou-se a artigos originais realizados com seres humanos, em língua inglesa, excluindo-se a população adulta e idosa, assim como os artigos de revisão, comunicação breve, cartas e editoriais. Síntese dos dados: Após análise dos estudos por dois revisores, de forma independente, segundo os critérios de elegibilidade, permaneceram na revisão sete artigos, publicados entre 2012 e 2016. Foram incluídos estudos de delineamento transversal, prospectivo, coorte e caso-controle. A importância da adipocina quemerina nos fatores de risco para doenças cardiovasculares é demonstrada por meio de sua associação com obesidade e diabetes melito, assim como com parâmetros clínicos, antropométricos e bioquímicos. Entretanto, a força da evidência dos estudos é relativamente baixa, em função da heterogeneidade das publicações, destacando-se como limitações o número reduzido das amostras e sua ausência de representatividade, a falta de padronização dos métodos de dosagem, o delineamento transversal de grande parte dos estudos e a impossibilidade de extrapolação dos resultados. Conclusões: A desregulação da quemerina provocada pelo aumento de tecido adiposo pode contribuir para o aparecimento de doenças cardiovasculares, sugerindo que tal adipocina tem papel relevante na identificação precoce de indivíduos em risco.

  11. Dissecação da aorta - fatores de risco no município de Sorocaba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mahonri Faria Guitti

    2007-07-01

    Full Text Available Objetivo: a dissecação aguda da aorta (DAA representa um evento catastrófico que, a despeito da terapêutica instituída, tem altos índices de mortalidade em qualquer lugar do planeta. O objetivo principal do estudo foi identificar os fatores de risco na população estudada. Método: estudo de observação, analítico, de agregado, do tipo coorte não concorrente, envolvendo 243 pacientes submetidos à necropsia no Serviço de Verificação de Óbito da FCM, do CCMB-PUC/SP, no período de dez anos. Estratificação da população alvo em amostras de estudo sendo o primeiro grupo (G1 formado por portadores de dissecação crônica da aorta e o segundo grupo (G2 por portadores de dissecação aguda da artéria. Análise comparativa para amostras independentes e por análise de contingência. Erro alfa admitido de cinco por cento. Trabalho aprovado pela Comissão de Ética da Instituição. Resultados: evidenciou-se significância estatística para: hipertensão arterial sistêmica (HAS (P=0.0030, aterosclerose prévia (P=0,0058 e uso de drogas tóxicas vaso-ativas (P=0,0058. Conclusões: os fatores de risco identificados na casuística foram: HAS, aterosclerose e uso de drogas tóxicas vaso-ativas. Não houve superioridade das imagens no diagnóstico da DAA quando comparadas à necropsia (P=0,072 e a prevalência da doença na casuística foi de 4,94%.

  12. Perinatal and early adulthood factors associated with adiposity Fatores perinatais e da vida adulta jovem associados à adiposidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanda Maria Ferreira Simões

    2012-07-01

    Full Text Available We used body mass index (BMI and waist circumference (WC as fat indicators to assess whether perinatal and early adulthood factors are associated with adiposity in early adulthood. We hypothesized that risk factors differ between men and women and are also different when WC is used for measuring adiposity as opposed to BMI. We conducted a longitudinal study based on a sample of 2,063 adults from the 1978/1979 Ribeirão Preto birth cohort. Adjustment was performed using four sequential multiple linear regression models stratified by sex. Both perinatal and early adulthood variables influenced adulthood BMI and WC. The associations differed between men and women and depending on the measure of abdominal adiposity (BMI or WC. Living with a partner, for both men and women, and high fat and alcohol intake in men were factors that were consistently associated with higher adulthood BMI and WC levels. The differences observed between sexes may point to different lifestyles of men and women, suggesting that prevention policies should consider gender specific strategies.Utilizou-se o índice de massa corporal (IMC e a circunferência de cintura (CC para avaliar se alguns fatores perinatais e da vida adulta se associam com adiposidade na vida adulta jovem. Trabalhou-se com a hipótese de que os fatores de risco diferem entre homens e mulheres e também são diferentes quando a CC é utilizada como medida de adiposidade em vez do IMC. Realizou-se estudo longitudinal baseado em 2.063 pessoas da coorte de nascimentos de 1978/1979 de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Foi feito ajuste sequencial em quatro modelos de regressão linear múltipla, estratificados por sexo. Tanto variáveis do início da vida como atuais interferiram no IMC e na CC. As associações foram diferentes para homens e mulheres, e também quando se considerou o IMC ou a CC. Homens e mulheres que vivem com companheira(o e homens que têm consumo elevado de gordura e álcool apresentam

  13. Somatotipo, fatores de risco e razão cintura-estatura em indivíduos fisicamente ativos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Anderson Henrique Souza de Almeida

    2015-08-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: A relação entre o tipo físico e o risco cardiovascular vem sendo estudada em diversas populações do mundo. No Brasil, estudos que avaliam esta relação são escassos, principalmente quando se trata de indivíduos que praticam atividades físicas. Objetivo: Analisar a relação do somatotipo com fatores de risco cardiovascular e razão cintura-estatura (RCEst em praticantes de atividade física.MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa descritiva com delineamento transversal. A amostra foi constituída por 280 sujeitos, usuários da pista de Cooper da Universidade Federal de Pernambuco, na cidade de Recife, PE, Brasil. Para identificação do nível de atividade física, utilizou-se a versão curta do International Physical Activity Questionnaire(IPAQ. Os indivíduos classificados como muito ativos, ativos ou irregularmente ativos A ou B, foram incluídos na amostra. Excluíram-se os sujeitos inativos fisicamente. O somatotipo foi estimado através do protocolo antropométrico de Carter e Heath (1990. Determinaram-se como fatores de risco cardiovascular o tabagismo, o consumo de bebida alcoólica e a pressão arterial (PA. Empregou-se a estatística descritiva para caracterização da amostra, em seguida, utilizou-se a Análise de Variância Multivariada (MANOVA, com nível de significância de p < 0,05.RESULTADOS: Não foi identificada relação significativa para as variáveis tabagismo e consumo de bebida alcoólica. Na análise da PA (Pillai's trace = 0,082; F = 8,187; p < 0,05 e da RCEst (Pillai's trace = 0,298; F = 39,081; p < 0,05, verificou-se significância estatística com o somatotipo.CONCLUSÃO: O tipo físico foi positivo e significativamente relacionado com a PA e com a RCEst, demonstrando que esse indicador antropométrico pode ser utilizado para predizer precocemente o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

  14. Estudo prospectivo dos fatores de risco para complicações neurológicas na meningite bacteriana infantil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sadie Namani

    2013-06-01

    Full Text Available OBJETIVO: Análise prospectiva de fatores de prognóstico para complicações neurológicas da meningite bacteriana infantil. MÉTODOS: Este estudo prospectivo recrutou 77 crianças de um mês a 16 anos de idade tratadas de meningite bacteriana durante o período de 1/1/2009 a 31/12/2010. Foram escolhidos 16 preditores relevantes para analisar sua associação com a incidência de complicações neurológicas. Valores P abaixo de 0,05 foram considerados estatisticamente significativos. RESULTADOS: Das 77 crianças tratadas para meningite bacteriana, desenvolveram-se complicações neurológicas em 33 pacientes (43%, e duas crianças morreram (2,6%. A etiologia dos casos de meningite bacteriana foi comprovada em 57/77 (74% dos casos: foram encontrados 32 isolados de meningococos; 8 de pneumococos; 6 de bacilos gram-negativos; 5 de H. influenzae; 5 de estafilococos e 1 de S. viridans. Os fatores que se mostraram associados a aumento do risco de desenvolvimento de complicações neurológicas foram idade 5.000 células/mm³, pleiocitose > 5.000 células/mm³ depois de 48 horas, baixa relação da glicose no LCS/sangue 48 horas, presença de comorbidade e foco primário de infecção não se associaram a aumento do risco para o desenvolvimento de complicações neurológicas. CONCLUSÃO: Idade inferior a 12 meses e gravidade da apresentação clínica na admissão foram identificadas como os preditores mais fortes de complicações neurológicas e podem ter valor para selecionar pacientes para tratamento mais intensivo.

  15. Homicídios de adolescentes: refletindo sobre alguns fatores associados Adolescents’ homicide: thinking about some associated factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sergio Kodato

    2000-01-01

    Full Text Available Este estudo é uma investigação de alguns fatores associados a homicídios praticados contra adolescentes, no município de Ribeirão Preto (SP, onde, no período de 1995 a 1998, foram assassinados 101 adolescentes. A coleta e a análise dos dados foram realizadas através da conjunção das seguintes técnicas: levantamento de dados sociográficos, através da análise dos processos judiciais instaurados no Ministério Público local; observação participante da instituição de internamento no município, destinada para adolescente autor de ato infracional; entrevistas com adolescentes internos pela prática de homicídio (n= 8. Como resultado, pode-se afirmar que as condições de vida que levaram à morte os adolescentes, são fruto de uma sincronização de fatores, onde, além da fragilidade institucional, observa-se como determinantes a disputa pela apropriação de bens materiais, o conflito de interesses financeiros, o tráfico de drogas, e, um modo de relacionamento interpessoal, cuja resolução de situações conflitivas se dá de forma não mediada e violenta.This research is an investigation of some factors associated to homicides committed against adolescents, at the city of Ribeirão Preto (SP, in which, during the period of 1995-1998, 101 children and adolescents were killed. The collect and analysis of data were made throughout the association of the following methods: sociographics data enrollment, analysis of taken lawsuits in the local prosecuting counsel; participant observation of the local internment institution, destined to adolescents authors of infraction acts; interview with intern adolescents for homicide acts (n=8. As a result one may state that the life conditions that ends on death of adolescents are product of a synchronization of factors, where, besides the fragility of institutions, one may observe determinants the dispute for appropriation of goods, conflict of financial interests, drug traffic and, a mode

  16. Impacto da terapia cognitivo-comportamental nos fatores neurobiológicos relacionados à resiliência

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Norte

    2011-01-01

    Full Text Available A resiliência, como uma variável de desfecho, tem sido largamente negligenciada no campo terapêutico. Nosso objetivo foi investigar os efeitos da terapia cognitivo-comportamental (TCC nos marcadores neurobiológicos de resiliência em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático (TEPT. Nesta pesquisa experimental de caso único, foram acessadas variáveis fisiológicas (frequência cardíaca, frequência respiratória, tônus vagal cardíaco, balanço simpático e condutância da pele e neuroendócrinas (cortisol e de-hidroepiandrosterona - DHEA e medidas psicométricas de autorrelato (afeto negativo, resiliência, sintomas de TEPT, depressão, ansiedade e apoio social. Foram medidas as respostas fisiológicas, neuroendócrinas e psicométricas em repouso antes e após quatro meses de TCC. O paciente era um homem de 45 anos que sofreu dois assaltos com arma de fogo e não respondeu adequadamente ao tratamento farmacológico com paroxetina. A TCC levou a uma redução da frequência cardíaca, frequência respiratória, balanço simpático, condutância da pele e cortisol, bem como a um aumento no tônus vagal e DHEA. Além disso, a TCC promoveu redução na pontuação dos sintomas de TEPT, depressão, ansiedade e afeto negativo e aumento da pontuação de resiliência e apoio social. Nossos dados sugerem que a TCC aumenta os fatores relacionados à resiliência (DHEA, tônus vagal, autorrelato de resiliência e apoio social. Isso não é somente "antipatológico", mas também pode ser considerado "pró-bem-estar". Adicionalmente, nossos resultados mostram a relevância da investigação dos efeitos do tratamento psicológico em múltiplos sistemas neurobiológicos no mesmo paciente com TEPT, visando desvendar as bases neurobiológicas dos fatores de resiliência.

  17. Fatores associados à inadequação do uso da assistência pré-natal

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coimbra Liberata C

    2003-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar fatores associados à inadequação do uso da assistência pré-natal em comunidade urbana. MÉTODOS: Foi realizado estudo transversal em amostra sistemática, estratificada por maternidades, de todos os nascimentos hospitalares do município de São Luís, MA, no período de março de 1997 a fevereiro de 1998. Foram avaliados indicadores socioeconômicos e demográficos, de saúde reprodutiva, morbidade na gravidez e utilização de serviços pré-natais. Utilizou-se questionário padronizado respondido pelas puérperas antes da alta hospitalar. A adequação do uso da assistência pré-natal foi analisada pelo índice "Adequacy of Prenatal Care Utilization" (APNCU e por um novo índice proposto, baseado nas recomendações do Ministério da Saúde, Brasil. RESULTADOS: Foram entrevistadas 2.831 puérperas, atendidas em dez unidades de saúde pública e privada. A inadequação do uso da assistência pré-natal foi de 49,2% pelo índice APNCU, e de 24,5% pelo novo índice proposto. Mulheres atendidas em serviços públicos de saúde, de baixa escolaridade e baixa renda familiar, sem companheiro ou com doença durante a gravidez, tiveram maiores percentuais de inadequação do uso do atendimento pré-natal, pelos dois índices analisados. Pelo novo índice proposto, maiores percentuais de inadequação foram associados à alta paridade e idade materna, enquanto baixa idade materna (<20 anos, ocorrência de doença durante a gravidez e primiparidade sugerem proteção contra a inadequação. CONCLUSÕES: O atendimento pré-natal em São Luís do Maranhão apresentou baixa cobertura. A inadequação do uso da assistência esteve associada a vários fatores indicativos da persistência de desigualdade social.

  18. A variedade da dieta é fator protetor para a pressão arterial sistólica elevada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erick Prado de Oliveira

    2012-04-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A dieta influencia diretamente a hipertensão arterial (HAS, que é um dos principais fatores de risco da doença cardiovascular. OBJETIVO: Associar a HAS com fatores dietéticos de adultos clinicamente selecionados para programa de mudança de estilo de vida. MÉTODOS: Estudo transversal composto por 335 indivíduos, com idade entre 44 e 65 anos, clinicamente selecionados para um programa de mudança de estilo de vida. Foram avaliados os dados antropométricos (IMC, % de gordura e circunferência abdominal, os componentes bioquímicos (concentrações plasmáticas de glicose, triglicerídeos, colesterol total, HDL-c e LDL-c e a dieta, por meio do recordatório de 24 horas. A qualidade da dieta foi avaliada pelo Índice de Alimentação Saudável. A pressão arterial foi mensurada de acordo com a V Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial e classificada de acordo com o NCEP-ATPIII. A regressão logística foi realizada para determinar a probabilidade de alterações na PAS e PAD de acordo com a ingestão dietética. Adotou-se como significante o valor de p < 0,05. RESULTADOS: Observou-se correlação positiva da pressão arterial diastólica com o consumo de colesterol e açúcar; e negativa com a ingestão de fibras, porções de óleo e qualidade da dieta. A variedade da dieta ≥ 8 itens alimentares apresentou efeito protetor para alterações da pressão arterial sistólica; OR = 0,361 (0,148-0,878. CONCLUSÃO: A maior variedade da dieta ofereceu efeito protetor para alteração da pressão arterial sistólica.

  19. Fatores predisponentes para infecção em pacientes portadores de fraturas expostas e criação de escore

    OpenAIRE

    Lima, Lucynara Gomes

    2013-01-01

    Os principais objetivos do tratamento ortopédico das fraturas expostas são a prevenção de infecção, estabilização da lesão óssea e restauração da função do membro. A prevenção da infecção, entretanto, representa a principal medida para que os outros objetivos possam ser alcançados. Objetivo. Identificar os fatores de risco associados à infecção em pacientes acometidos por fraturas expostas, utilizando a força de associação destes fatores para propor um escore que possibilite a estratificação ...

  20. A relação entre instituições, fatores humanos e segurança operacional na aviação = The relationship between institutions, human factors and operational safety in aviation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Villas-Bôas, Paulo Cezar Rodrigues

    2014-01-01

    Full Text Available Este trabalho pretende enfatizar a relação entre organização e indivíduo, ou seja, o papel da cultura organizacional na implementação dos fatores humanos no cotidiano operacional de uma empresa aérea e a influência deste processo no grau de segurança operacional. Objetiva, de forma concisa, apresentar parte do conjunto de conceitos que formam os fatores humanos em aviação, incluindo, a doutrina CRM. Cultura organizacional, processos psicossociais e tecnologia embarcada são correlacionados de forma processual, evidenciando a perspectiva sistêmica dos fatores humanos em aviação. A conclusão mais relevante recai na importância do comprometimento institucional com fatores humanos, influenciando positivamente o grau de segurança operacional das organizações

  1. A Percepção dos Fatores de Erosão no Processo de Construção da Marca Samsung no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camila da Silva Schmitt

    2016-12-01

    Full Text Available Devido a hipercompetitividade no mercado, a preocupação e necessidade de se planejar adequadamente as estratégias mercadológicas são essenciais (Too, Harvey & Too, 2010. Nesse domínio as marcas são utilizadas pelas empresas como estratégia para criar valor e diferenciação, para que possam se distanciar dessa concorrência. Marcas fortes tendem a criar uma vantagem competitiva duradoura (Tavares, 1998; Bedbury, 2002; Keller & Machado, 2006; Aaker, 2007; Scharf, 2007. Porém, mesmo consolidadas no mercado, marcas sólidas estão vulneráveis aos fatores que causam sua erosão. Nesse contexto, este artigo pretendeu estabelecer a percepção dos fatores de erosão no processo de construção de marcas sólidas, analisando as ações estratégicas incorporadas e trabalhadas pela marca Samsung no Brasil. Para responder as indagações ostentadas, foram utilizados dados primários instaurados nas entrevistas realizadas com executivos estrategistas da marca, e informações advindas também de dados secundários com análise documental de artigos publicados sobre a marca investigada. Quanto aos fatores de erosão estabelecidos, alguns foram percebidos integralmente como erosivo pelos executivos, como é o caso da Proliferação de concorrentes e Pressão por resultados a curto prazo. Com a análise das informações se abarcou o estabelecimento de outros fatores que causam erosão na perspectiva de marca no contexto brasileiro. 

  2. Fatores determinantes na escolha do sistema de custos para dar suporte ao processo de gestão: um estudo nas grandes empresas de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Catarina Pereira

    2004-11-01

    Full Text Available O artigo analisa os fatores determinantes na escolha do sistema de custos nas grandes empresas de Santa Catarina, para dar suporte ao processo de gestão empresarial. A pesquisa foi realizada em 17 grandes empresas de Santa Catarina, de diversos ramos de atividade. Foram levantados os sistemas de custos utilizados, o tempo de utilização do atual sistema, a extensão de implantação, a integração entre este sistema e outros sistemas operacionais. Também buscou-se informações sobre os fatores determinantes na escolha do sistema de custos implementado nas empresas pesquisadas, as dúvidas e como estas foram superadas, bem como o papel do sistema de custos na gestão empresarial. A pesquisa realizada é do tipo exploratória, a partir de entrevistas semi-estruturadas e de análise documental. Os resultados da pesquisa permitiram identificar, como fatores determinantes para escolha de um sistema de custos, O auxílio à tomada de decisões e a gestão estratégica de custos. O custo de implantação foi considerado pelas empresas pesquisadas como um fator de pouca relevância. Observou-se que as grandes empresas usam no mínimo três métodos de custeio, um para cada tipo de informação desejada. Ainda, as empresas pesquisadas foram unânimes em responder que a maior deficiência dos sistemas de custos é não oferecerem projeções e estudos de cenários.

  3. Caracterização quanto a fatores de patogeniciade de fungos filamentosos isolados da praia de Candeias, Jaboatão dos Guararapes, PE

    OpenAIRE

    OLIVEIRA, Luciana Gonçalves de

    2005-01-01

    Os fungos compreendem um grupo de microrganismos sapróbios, cosmopolitas ou simbiontes importantes componentes dos ecossistemas, constituindo o maior grupo de microrganismo responsável pela produção de enzimas. Considerando a escassez de trabalhos que tratam da micota filamentosa em ambientes marinhos, este trabalho teve como objetivos isolar, identificar e caracterizar quanto a fatores de patogenicidade fungos filamentosos do solo e da água da praia de Candeias, Jaboatão dos Guararapes, PE. ...

  4. Fatores condicionantes do nível de maturidade em gerenciamento de projetos: um estudo empírico em empresas brasileiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gutenberg de Araújo Silveira

    2013-09-01

    Full Text Available No ambiente dinâmico e complexo de negócios, caracterizado por desafios constantes, o eficaz gerenciamento de projetos é um dos determinantes da sobrevivência das organizações. Todavia, para alcançarem melhor desempenho, as empresas precisam ter processos de gerenciamento de projetos estruturados e maduros. Embora existam diversos modelos de maturidade, que proporcionam uma abordagem quantitativa, o caminho em sua busca não tem sido um assunto empiricamente pesquisado, portanto, o objetivo neste estudo foi identificar os principais fatores condicionantes da maturidade em gerenciamento de projetos em organizações brasileiras. Para tanto, foi adotado o método de pesquisa de estudo de campo, por meio de e-survey, de natureza descritiva e correlacional, junto a 473 participantes, tomadores ou influenciadores de decisões em gerenciamento de projetos, quanto à sua percepção sobre os fatores condicionantes, representando 360 organizações de diferentes tipos, portes e segmentos da economia brasileira. Os resultados do estudo permitem concluir que os principais fatores condicionantes da maturidade em gerenciamento de projetos nas empresas estudadas observam a seguinte hierarquia, do mais para o menos importante: processos e ferramentas; pessoas e equipe; apoio organizacional; orientação a clientes; qualidade dos gerentes de projetos; e orientação a negócios. Esses fatores condicionantes, especialmente o primeiro, se trabalhados adequadamente nas organizações, podem alavancar os níveis de maturidade em geren­ciamento de projetos.

  5. Prevalência dos fatores de risco para doença cardiovascular em funcionários do Centro de Pesquisas da Petrobras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Matos Maria de Fátima Duarte

    2004-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Determinar a prevalência de fatores de risco para doença cardiovascular em funcionários do Centro de Pesquisas da Petrobras. MÉTODOS: Em estudo descritivo transversal, foram avaliados clínica e laboratorialmente, de março de 2000 e fevereiro de 2001, empregados do Centro de Pesquisas da Petrobras, tendo sido excluídos os que não compareceram à realização do exame médico periódico anual de 2000. Calculados o percentual da ocorrência dos fatores de risco e a média e o desvio padrão das variáveis bioquímicas, da pressão arterial e do índice de massa corpórea. RESULTADOS: De um total de 1.191 empregados, foram estudados 970, sendo 75,4% homens e 24,6% mulheres, com idade média de 42,2 anos. A prevalência de fatores de risco foi o sedentarismo (67,3%, o colesterol > 200 mg/dl (56,6%, o sobrepeso (42%, a obesidade (17%, a hipertensão arterial (18,2%, o tabagismo (12,4% e o diabetes mellitus (2,5%. CONCLUSÃO: A elevada prevalência de fatores de risco para doença cardiovascular, em indivíduos jovens, alerta para a necessidade de adoção de programas de promoção de saúde e prevenção de doenças no ambiente de trabalho.

  6. Fatores associados ao tempo de tela em estudantes do ensino médio de Fortaleza, região Nordeste do Brasil = Factors associated with screen time among high school students in Fortaleza, Northeastern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Souza, Evanice Avelino de

    2015-01-01

    Conclusões: Fatores sociodemográficos e comportamentais, incluindo hábitos alimentares, estão associados ao tempo de tela em adolescentes. Contudo, os fatores associados diferiram de acordo com o tipo de aparelho mais utilizado (televisão ou computador /videogame. Estes aspectos devem ser considerados em programas de combate ao tempo sedentário no lazer em jovens

  7. Fatores de risco associados à saúde dos dentistas – uma abordagem epidemiológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Klaus Loges

    2005-07-01

    Full Text Available A odontologia é uma profissão que impõe ao seu praticante uma série de fatores capazes de alterar as condições de trabalho do ponto de vista sócio-psico-fisiológico e organizacional. Este estudo tem como objetivo contribuir para o entendimento das questões relacionadas ao trabalho dos cirurgiões-dentistas e suas repercussões sobre sua vida laboral. A metodologia empregada foi baseada em entrevistas dirigidas, nas quais foram aplicados um questionário e um exame físico-funcional em cem dentistas (51 mulheres e 49 homens. Os achados indicaram que tanto homens como mulheres  dentistas apresentaram problemas de origem músculo-esquelética relacionados ao trabalho  em sedestração. Além disso, apesar de diferenças no método de coleta dos dados, os resultados deste estudo são compatíveis com a literatura internacional, onde os dentistas homens referem menos dores e desconforto do que as mulheres.

  8. Prevalência e fatores associados ao indicativo de depressão entre idosos residentes na zona rural

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pollyana Cristina dos Santos Ferreira

    2013-04-01

    Full Text Available O presente estudo objetivou verificar a prevalência de idosos com indicativo de depressão, segundo sexo e faixa etária, e identificar os fatores associados ao indicativo de depressão. Estudo analítico, transversal e observacional, realizado com 850 idosos residentes na zona rural de um município de Minas Gerais. Para a análise dos dados aplicou-se a fórmula de taxa de prevalência e o modelo de regressão logística (p<0,05. O Projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos. A prevalência de indicativo de depressão correspondeu a 22%, com maior ocorrência entre o sexo feminino e na faixa etária entre 60├70 anos. O sexo feminino, o maior número de comorbidades e de incapacidade funcional para o desempenho de atividades instrumentais da vida diária permaneceram associados ao indicativo de depressão. Esses resultados reforçam a necessidade de se implementarem ações de promoção de saúde e prevenção de agravos, com enfoque para a depressão.

  9. Fatores associados ao consumo de dietas ricas em gordura em adultos de uma cidade no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Airton José Rombaldi

    2014-05-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi descrever a frequência de consumo de dieta rica em gordura por adultos de 20 a 69 anos de Pelotas, RS, e analisar fatores associados. Foi realizado um estudo transversal de base populacional, incluindo 972 adultos. A frequência do consumo de gordura alimentar no ano anterior à pesquisa foi avaliada pelo questionário de Block, composto por quinze itens alimentares, pontuados de acordo com a frequência de consumo de alimentos com elevados teores de gordura. Cerca de 1/3 da população adulta (32,7% consumia regularmente dieta rica em gordura. Para ambos os sexos, o consumo regular de gordura mostrou-se associado a idades mais jovens e consumo regular de refrigerantes e, somente para homens, aos níveis econômicos A/B. A frequência do consumo regular de alimentos ricos em gordura na população adulta residente no município de Pelotas encontra-se além das recomendações atuais do Ministério da Saúde. Políticas públicas que estimulem uma alimentação saudável são urgentemente necessárias.

  10. Which factors could explain the low birth weight paradox? Quais fatores podem explicar o paradoxo do baixo peso ao nascer?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Augusto Moura da Silva

    2006-08-01

    ão Preto (SP e em São Luís (MA, cujas taxas de baixo peso ao nascer eram 10,7% e 7,6%, respectivamente. Foram analisados dados de duas coortes de nascimentos: 2.839 recém-nascidos em Ribeirão Preto em 1994 e 2.439 em São Luís em 1997/98. Foi realizada análise de regressão logística múltipla, ajustada para efeito de confusão. RESULTADOS: Os fatores de risco associados em São Luís foram primiparidade, idade materna menor que 18 anos e tabagismo materno. Em Ribeirão Preto, os fatores de risco foram: renda familiar entre um e três salários-mínimos, idade materna menor que 18 e igual ou maior que 35 anos, tabagismo materno e parto cesáreo. Em modelo conjunto incluindo ambas as coortes, Ribeirão Preto apresentou risco 45% maior para em relação a São Luís. Quando ajustado para tabagismo materno, o excesso de risco em Ribeirão Preto, reduziu-se em 49%, mas o intervalo de confiança esteve marginalmente significante. Diferenças nas taxas de cesárea entre as duas cidades contribuíram para explicar uma porção adicional desse paradoxo. CONCLUSÕES: O tabagismo materno foi o fator de risco mais importante capaz de explicar a diferença no baixo peso ao nascer entre as duas cidades. Os outros fatores pouco contribuíram para explicar a diferença nas taxas de baixo peso ao nascer.

  11. Reprodutibilidade de informações em estudo de fatores de risco para o diabetes mellitus insulino-dependente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gimeno Suely Godoy Agostinho

    1997-01-01

    Full Text Available Examina-se, em uma subamostra de 38 casos e 38 controles de um estudo sobre os fatores de risco para o diabetes mellitus insulino-dependente, a reprodutibilidade de informações obtidas para as variáveis escolaridade da mãe e do pai, peso e comprimento da criança ao nascer, história de episódios graves de diarréia, tempo de aleitamento ao seio e idade da introdução de leite de vaca na alimentação infantil, selecionadas a partir do questionário padronizado utilizado em visita domiciliar. A repetição das perguntas foi feita por telefone. A concordância entre as respostas da primeira e segunda entrevista foi verificada mediante a utilização da estatística kappa (variáveis categóricas e do coeficiente de correlação intraclasse (variáveis quantitativas, para casos e controles separadamente. Os resultados levam a aceitar as informações como reprodutíveis.

  12. Reprodutibilidade de informações em estudo de fatores de risco para o diabetes mellitus insulino-dependente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suely Godoy Agostinho Gimeno

    1997-10-01

    Full Text Available Examina-se, em uma subamostra de 38 casos e 38 controles de um estudo sobre os fatores de risco para o diabetes mellitus insulino-dependente, a reprodutibilidade de informações obtidas para as variáveis escolaridade da mãe e do pai, peso e comprimento da criança ao nascer, história de episódios graves de diarréia, tempo de aleitamento ao seio e idade da introdução de leite de vaca na alimentação infantil, selecionadas a partir do questionário padronizado utilizado em visita domiciliar. A repetição das perguntas foi feita por telefone. A concordância entre as respostas da primeira e segunda entrevista foi verificada mediante a utilização da estatística kappa (variáveis categóricas e do coeficiente de correlação intraclasse (variáveis quantitativas, para casos e controles separadamente. Os resultados levam a aceitar as informações como reprodutíveis.

  13. Fatores que contribuíram para a reeleição da presidente Dilma Rousseff

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diogo José Dalpoz Martins

    2016-07-01

    Full Text Available O presente artigo procura analisar, partir da utilização de métodos de econometria espacial, os principais fatores que levaram à reeleição da presidente Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2014. Além disso, procura averiguar se a presença de prefeitos e governadores de mesmo partido beneficiou sua candidatura. Os resultados apresentados indicam quea candidata recebeu a maioria dos votos nos municípios menos desenvolvidos, com renda per capita menor, maior taxa de analfabetismo e desemprego, sendo também beneficiada pela presença de governador da mesma coligação. Outro ponto analisado foi, a partir de Regressão Ponderada Geograficamente (RPG, o efeito do programa Bolsa Família em cada município brasileiro. A variável se mostrou estatisticamente significativa, em sua maioria, nos municípios das regiões Sul e Sudeste.

  14. Fatores associados ao óbito de motociclistas nas ocorrências de trânsito

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luiz Batista de Oliveira

    2012-12-01

    Full Text Available Para identificar fatores associados ao óbito em motociclistas envolvidos em ocorrências de trânsito, em Maringá-PR, foi realizado estudo retrospectivo incluindo os motociclistas envolvidos em acidentes no ano de 2004. As fontes de dados foram os registros da Polícia Militar, do SIATE e do Instituto Médico Legal. Foram realizadas análises bivariadas e regressão logística binária. Identificaram-se 2.362 motociclistas nos Boletins de Ocorrência e, destes, 1.743 tinham registros nos Relatórios de Atendimento do Socorrista. As vítimas fatais diferiram das demais quanto à faixa etária, ao local de residência, ao tempo de habilitação e as suas condições fisiológicas na cena da ocorrência. No modelo final permaneceram as seguintes variáveis: Escala de Coma de Glasgow (ECGl, Revised Trauma Score (RTS, pulso e saturação de O2 no sangue. As condições fisiológicas das vítimas na cena do acidente se destacaram no modelo final e a ECGl superou o RTS na associação com óbito.

  15. O Engajamento Paterno como Fator de Regulação da Agressividade em Pré-Escolares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lauren Beltrao Gomes

    2013-04-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo investigar o engajamento paterno como fator de regulação da agressividade em crianças de quatro a seis anos de idade. Cinquenta pais responderam a questionários sobre seu engajamento com os filhos e dados sociodemográficos e 26 educadoras responderam questionários acerca do desenvolvimento social das crianças. Foram realizadas análises descritivas e inferenciais. Constatou-se que os pais estão engajados com seus filhos e realizam com maior frequência atividades referentes a suporte emocional, disciplina e jogos físicos. O pai com maior jornada de trabalho é menos engajado e quanto mais ele se dedica aos cuidados básicos e às tarefas de casa, menos os filhos apresentam problemas de externalização. Políticas e programas de apoio ao envolvimento paterno são essenciais para a transformação e consolidação da responsabilidade masculina com relação aos filhos e para a prevenção da agressividade persistente.

  16. Genes relacionados ao metabolismo dos fosfolípides como fatores de risco para o transtorno afetivo bipolar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Meira-Lima Ivanor V

    2003-01-01

    Full Text Available Os estudos de epidemiologia genética fornecem consistente evidência de que o componente genético tem um papel preponderante no risco para o Transtorno Afetivo Bipolar (TAB, embora genes de vulnerabilidade ainda não tenham sido identificados de forma inequívoca. Nesta atualização os autores apresentam dados demonstrando que os fosfolípides exercem um relevante papel nos processos de sinalização intracelular e que estudos da neuroquímica dos estabilizadores do humor convergem em apontar para uma ação destas drogas nas vias de transdução de sinais reguladas pelas fosfolipases. Concluem que investigações de variantes nos genes que codificam enzimas do metabolismo dos fosfolípides como potenciais genes de susceptibilidade podem ampliar o conhecimento acerca dos fatores de risco e dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos no surgimento destes transtornos do humor.

  17. Prevalência de não adesão à farmacoterapia anti-hipertensiva e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayckel da Silva Barreto

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivo: verificar a prevalência da não adesão ao tratamento medicamentoso anti-hipertensivo e sua associação com fatores biosócio-econômicos e assistenciais. Método: pesquisa descritiva de corte transversal, realizada com 422 indivíduos hipertensos. As informações foram coletadas, por meio de entrevistas domiciliares realizadas entre dezembro de 2011 e março de 2012. Resultados: os resultados demonstraram que os entrevistados eram, em sua maioria, do sexo feminino, casados, idosos, com baixa renda familiar e pouco tempo de diagnóstico. Foram considerados não aderentes ao tratamento medicamentoso 42.65% dos participantes. Os hipertensos não brancos, com menos de oito anos de estudo, que não frequentavam as consultas médicas; utilizavam mais de duas medicações anti-hipertensivas e que não possuíam plano de saúde apresentaram maiores chances de não aderirem à farmacoterapia. Conclusão: esses achados reforçam que hipertensos com características socioeconômicas desfavoráveis e dificuldade de acesso ao serviço necessitam de intervenções diferenciadas, a fim de estimulá-los a aderirem ao tratamento medicamentoso.

  18. Fatores de risco para doenças cardiovasculares em profissionais de enfermagem: estratégias de promoção da saúde

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Jorge Magalhães

    2014-06-01

    Full Text Available O estudo objetivou identificar os fatores de risco modificáveis e não modificáveis para doenças cardiovasculares presentes nos profissionais de enfermagem, e descrever estratégias de promoção da saúde para o controle e prevenção desses fatores. Estudo documental, quantitativo, realizado com 165 prontuários de profissionais de enfermagem de hospital público de Fortaleza-CE. A análise se deu por estatística descritiva com dados expostos em quadros e tabelas. Nos resultados perceberam-se fatores de risco como antecedentes familiares com hipertensão arterial (72,9%, sedentários (64,9%, peso elevado (56,4%, circunferência abdominal elevada (49,7%, dentre outros. Para estratégias de promoção da saúde podem-se citar: orientações educativas, encaminhamentos e acompanhamento dos dados clínicos. Acredita-se na necessidade de atenção especial para tais profissionais, já que vivenciam uma profissão estressante, enfrentando problemas como insatisfação profissional, falta de reconhecimento financeiro e algumas doenças ocupacionais, o que pode prejudicar a qualidade de vida e dificultar o autocuidado.

  19. Fatores ambientais sobre escores de avaliação visual à desmama em bezerros angus criados no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cardoso Fernando Flores

    2001-01-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram determinar a importância dos efeitos de idade da vaca (IV, sexo (S e idade do bezerro (ID, mês de nascimento (M e a interação entre idade da vaca e sexo (IV*S sobre escores de avaliação visual (EV para conformação (CD, precocidade (GD, musculatura (MD e tamanho (TD à desmama, de bovinos Angus, e estimar fatores de correção para esses efeitos. Foram utilizados 11.863 registros coletados pelo Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne - PROMEBO, durante os anos de 1989 a 1997. Os dados foram analisados por meio do PROC MIXED do SAS. O modelo incluiu os efeitos de grupo de contemporâneos, M, IV, S, ID (linear e quadrático, IV*S e o efeito aleatório do touro. A partir das médias ajustadas de CD, GD, MD e TD, foram estimadas equações de regressão para M e IV*S. Os EV apresentaram resposta aos efeitos de IV, S e ID similar à do ganho de peso na fase de desmama. A idade do bezerro foi o fator responsável pelas maiores variações não-genéticas nos EV. Fatores de correção para ajuste de IV, ID e data juliana do nascimento foram propostos.

  20. DECISÃO DE COMPRA: FATORES IGUAIS, PESOS DIFERENTES; VISÃO DO CONSUMIDOR, SOBRE AS PEQUENAS E GRANDES REDES DE FARMÁCIA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilter Furtado Furtado

    2012-04-01

    Full Text Available O objetivo do presente estudo, foi discutir a decisão de compra, como um fenômeno que pode se configurar diferentemente para o consumidor, mesmo que os seus objetivos, o produto, os fatores influenciadores em tal decisão, o negócio e os agentes envolvidos, sejam os mesmos, pela natureza. Fundamentada no método indutivo, a pesquisa exploratória, descritiva e quali-quantitativa, foi feita através de um formulário semi-estruturado, aplicado pelos próprios pesquisadores, junto a consumidores de produtos farmacêuticos, na cidade de Ituiutaba (MG, no período de 05 a 30 de julho de 2010. Tal preocupação se justifica, considerando que as empresas envolvidas no processo, embora atendendo o mesmo público, podem agir de forma diferente, pela filosofia, pelo tamanho, pelas políticas adotadas e pela localização. Os principais resultados, revelam que o consumidor de produtos farmacêuticos, dá às pequenas farmácias a preferência de compra, porque julga que elas oferecem o melhor conjunto de atributos ou de fatores influenciadores no processo de compra, ou a melhor relação custo x benefício, do que as farmácias das grandes redes. Revela ainda que o consumidor, consegue perfeitamente, hierarquizar aqueles fatores.

  1. Fatores determinantes da retenção de peso no pós-parto: uma revisão da literatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kac Gilberto

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho constitui-se em uma revisão de literatura sobre fatores determinantes da retenção de peso em mulheres no pós-parto. Os resultados da revisão demonstraram que os principais fatores determinantes incluem o ganho de peso gestacional e a intensidade da lactação. Diversos estudos demonstraram que quanto maior o ganho de peso durante a gestação, maior a retenção de peso no pós-parto. O fumo esteve associado a uma menor retenção, enquanto a lactação só exerceu efeito protetor para a retenção de peso em alguns estudos. Diversos fatores, como a atividade física, o consumo de alimentos, a idade de menarca, número de abortos e o trabalho materno, ainda não foram devidamente estudados. Conclui-se que são escassos os estudos sobre mudanças de peso no pós-parto, o que sugere a realização de novos trabalhos sobre o tema, especialmente em países em desenvolvimento onde a obesidade ainda é pouco estudada.

  2. Modelo de predição para o volume total de Quaruba (Vochysia inundata ducke via análise de fatores e regressão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mário Diego Rocha Valente

    2011-04-01

    Full Text Available Neste trabalho propôs-se um método para a construção de um modelo de regressão para determinar o Volume de Madeira Total da espécie florestal (Vochysia inundata ducke Quaruba, em função de suas características (Diâmetro à Altura do Peito (DAP, Idade e Altura. O modelo foi determinado utilizando-se a técnica estatística multivariada de Análise de Fatores com do Método das Componentes Principais via Rotação Ortogonal do Tipo Varimax para Extração dos Fatores, procurando contornar o problema da Multicolinearidade. Por fim desenvolveu-se um modelo de Regressão Linear Simples com base nos Escores Fatoriais. O modelo determinado apresentou-se de fácil interpretação e utilização, usando-se um fator e proporcionando um bom ajuste (R² = 96 % aos dados e uma boa capacidade preditiva. Ele atendeu a todas as suposições teóricas para sua existência e utilização.

  3. Detecção de fatores de virulência de Escherichia coli e análise de Salmonella spp. em psitacídeos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isadora M. de O. Corrêa

    2013-02-01

    Full Text Available A flora entérica dos psitacídeos é composta principalmente por bactérias Gram positivas. Bactérias Gram negativas, como Escherichia coli e Salmonella spp., apresentam elevado potencial patogênico, sendo consideradas indicativo de problemas de manejo, que poderão culminar em manifestação de doenças em decorrência de fatores estressantes, dietas deficientes e superlotação, combinados com alta carga bacteriana no ambiente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a presença de Salmonella spp., Escherichia coli e os fatores de virulência dos genes iss e iutA dos isolados de E. coli. Analisou-se um total de 44 amostras provenientes de psitacídeos criados em cativeiro, sendo estas 15 fragmentos de órgãos de aves submetidas a exame de necropsia e também 29 amostras de swabs de cloaca e inglúvio de papagaios-charão (Amazona pretrei criados em cativeiro. Nenhuma amostra foi positiva para Salmonella spp. Nas amostras de E. coli detectou-se ambos os fatores de virulência pesquisados.

  4. Determinantes da estrutura de capital das companhias abertas na América Latina: um estudo empírico considerando fatores macroeconômicos e institucionais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Douglas Dias Bastos

    2009-12-01

    Full Text Available Pesquisas recentes têm evidenciado que os fatores específicos dos países, como os ambientes legal, institucional e econômico, influenciam a estrutura de capital das empresas. O presente estudo investiga os determinantes da estrutura de capital, utilizando painel de dados, para uma amostra de 388 empresas pertencentes às sete maiores economias da América Latina (México, Brasil, Argentina, Chile e Peru, no período 2001-2006. A partir de seis indicadores do nível de endividamento, foi evidenciado que os fatores específicos da firma – liquidez corrente, rentabilidade, market to book value e tamanho – apresentam os resultados mais significantes. A teoria do pecking order é a que melhor explica os resultados obtidos. Os resultados para os fatores macroeconômicos e institucionais não foram tão robustos, exceto para as variáveis crescimento do PIB, e em menor grau para as proxies sobre relevância do mercado de capitais, carga fiscal e tempo de abertura de um novo negócio.

  5. CONHECIMENTO DOS TRABALHADORES DA INDÙSTRIA METAL-MECÂNICA SOBRE FATORES DE RISCO PARA DOENÇA ARTERIAL CORONARIANA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Bohrer Oliva

    2011-01-01

    Full Text Available RESUMO: Objetivo: identificar o conhecimento dos trabalhadores da indústria metalmecânica em relação aos fatores de risco para doença arterial coronariana (DAC e às atitudes voltadas a sua prevenção. Métodos: estudo com delineamento transversal, realizado com um grupo de trabalhadores da indústria metal-mecânica do sul do Brasil. A amostra foi por conveniência. Os dados foram coletados por meio de um questionário e verificação de medidas antropométricas. Análise descritiva. Resultados: foram incluídos 100 trabalhadores, com idade média de 29,0+10,16 anos, 66% homens. A obesidade foi considerada como fator de risco para DAC por 94% dos trabalhadores, a hipertensão arterial por 88% e hipercolesterolemia por 80%. Em relação às atitudes para prevenção da DAC, 51% da amostra referiram praticar atividade física. Conclusão: a maioria dos entrevistados conhece os principais fatores de risco para DAC. Contudo, as atitudes voltadas à prevenção ainda são limitadas.

  6. Gestão do conhecimento: uma análise baseada em fatores contextuais da organização

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Valio Dominguez Gonzalez

    2015-12-01

    Full Text Available Resumo Os modelos mais recentes sobre Gestão do Conhecimento (GC reconhecem quatro fases para a sua prática: aquisição, armazenamento, distribuição e utilização do conhecimento. A GC se caracteriza como uma disciplina multidisciplinar, envolvendo aspectos de ordem técnica e social e devido à diversidade de assuntos que cerca esse tema, é essencial delimitar seu estudo. Nesse sentido, o recorte proposto para esta pesquisa é social e de coordenação, tendo como objetivo a identificação de fatores contextuais, desenvolvidos internamente às organizações, que sustentam o processo de GC em empresas do setor automobilístico. Para atingir esse objetivo é utilizado um método de pesquisa quantitativo, baseado em uma pesquisa survey. Os resultados obtidos apontam para a existência de oito fatores contextuais que sustentam o processo de GC. Esses fatores são relacionados essencialmente ao ser humano, responsável pela retenção e transformação do conhecimento primário, e ao desenvolvimento de um contexto organizacional que estimule o processo de aprendizagem.

  7. Fatores de mortalidade em micro e pequenas empresas: um estudo na região central do Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sidineia Santini

    2015-04-01

    Full Text Available As micro e pequenas empresas assumem papel importante para as economias locais e regionais. Grande parte desses empreendimentos não consegue prosperar e se manter no mercado por mais de meia década, apresentando mortalidade precoce. Mediante a isto, o presente trabalho é caracterizado como uma survey descritiva, visto que se consideram, no mesmo, os principais passos para esclarecimento a respeito de sobrevivência das micro e pequenas empresas. Desta forma, o objetivo foi identificar os fatores causadores da mortalidade dessas empresas na região central do estado do Rio Grande do Sul. Para tanto, a pesquisa agregou uma amostra de 60 empreendimentos. Utilizou-se para a coleta dos dados um questionário estruturado, no qual se identificou onze principais fatores causadores da mortalidade das empresas. Concluiu-se que existe relação entre os fatores encontrados na pesquisa com resultados obtidos por outros autores em estudos anteriores.

  8. Fatores que Impactam a Divulgação Voluntária de Informações Socioambientais na Percepção dos Gestores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nayara Batista Moreira

    2014-04-01

    Full Text Available O presente estudo buscou identificar, com base na Teoria da Legitimidade, quais fatores impactam a divulgação voluntária de informações socioambientais, na percepção dos gestores. Para alcançar tal objetivo, desenvolveu-se uma pesquisa descritiva cuja amostra é composta por gestores de cinco das dez maiores companhias do setor de energia elétrica que operam no Brasil, segundo a Revista Exame 2010. Os dados foram coletados através de questionário e analisados estatisticamente por meio do teste não paramétrico de Kruskall-Wallis, que tem por finalidade comparar a média das respostas coletadas. Os resultados indicam que os principais fatores que impactam a decisão dos gestores em evidenciar informações socioambientais são as preocupações com a imagem e a reputação da empresa, a valorização das ações, a oportunidade de novas fontes de financiamento e a competitividade empresarial. Assim, este estudo procurou contribuir para ampliar e fortalecer o debate acerca do poder explicativo da teoria da legitimidade, notadamente no que diz respeito aos fatores que influenciam a divulgação voluntária de informações socioambientais.

  9. Mudança na produtividade dos fatores de produção da cafeicultura nas principais regiões produtoras do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília F. Maciel Gomes

    2005-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, estudam-se a transformação no comportamento produtivo da cafeicultura e as relações existentes no mercado de fatores nos Estados de Minas Gerais e São Paulo, no período de 1975 a 2001. Especificamente, avalia-se a sensibilidade do uso dos insumos a alterações nos preços, assim como a interdependência no mercado dos fatores produtivos. Para tanto, utilizou-se a elasticidade de substituição de Allen. As despesas com insumos e mão-de-obra apresentaram as maiores parcelas dos custos operacionais unitários de produção em Minas Gerais e São Paulo. Em relação à substitutibilidade/complementaridade entre os fatores em Minas Gerais, nota-se que havia relação de complementaridade entre aluguel da terra e operações com máquinas, terra e mão-de-obra, e entre máquinas e insumos, e relação de substitutibilidade entre os demais fatores. Já no Estado de São Paulo, observa-se que os fatores aluguel da terra e mão-de-obra foram complementares e os demais substitutos entre si.This paper aimed to study the production behavior of the coffee production and the existing relationships in the factor markets in the States of Minas Gerais and São Paulo, during the period from 1975 to 2001. Specifically, it is evaluated the sensitiveness of the input use in response to price changes, as well as the interdependence with the production factor market. For that, the Allen elasticity of substitution approach was used. The input and labor expenditures presented the highest share of the average operational production costs in Minas Gerais and São Paulo. With respect to the substitutability/complementarity among the production factors in the Minas Gerais State, the result suggested that there was a complementarity relationship between land rent and machinery operations; land and labor; machinery and input uses, and a substitutability relationship among the other production factors. On the other hand, for the São Paulo State, it

  10. Fatores de risco sociais, familiares e comportamentais para obesidade em adolescentes Social, familial, and behavioral risk factors for obesity in adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Monteiro

    2004-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Analisar fatores de risco sociais, familiares, comportamentais e psicológicos para obesidade na adolescência. MÉTODO: Estudo de casos e controles aninhado a uma coorte de base populacional seguida desde o nascimento, em 1982. Os casos incluíram os adolescentes obesos conforme a definição da Organização Mundial da Saúde. Os controles foram constituídos por uma amostra aleatória da coorte, examinada em 1997 e 1998. Informações sobre fatores de risco foram obtidas dos arquivos da coorte, coletadas em diversas idades. A análise multivariada foi realizada por regressão logística. RESULTADOS: Os fatores de risco variaram conforme o sexo. Em meninos, a renda familiar maior que 1 salário-mínimo ao nascer aumentou o risco de obesidade em 6 vezes; o traço de ansiedade aumentou esse risco em 4 vezes. O risco aumentou em 10% para cada aumento unitário do índice de massa corporal materno pré-gestacional, em ambos os sexos. O peso materno atual, o fumo, a ingestão de gorduras, e o tempo despendido assistindo à televisão e em atividades físicas não se associaram com obesidade. CONCLUSÕES: Os resultados indicam que é importante estratificar por sexo os dados de estudos sobre obesidade. Além disso, os fatores relativos a fases precoces da vida mostraram-se mais fortemente associados com obesidade em adolescentes do que os fatores medidos durante a adolescência. Entretanto, não se pode excluir a possibilidade de viés, por exemplo, em termos da informação fornecida pelos adolescentes acerca de dieta e exercício físico. Sempre que possível, o estudo dos fatores de risco contemporâneos para obesidade em adolescentes deve considerar o papel de fatores precoces na vida como prováveis fontes de confusão.OBJECTIVE: To examine the impact of different social, familial, and behavioral factors on the risk of developing obesity in adolescents. METHODS: We performed a case-control study nested in a population-based cohort

  11. Fatores associados à atividade física e aos comportamentos sedentários em adolescentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Giordani Vasques

    2009-01-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2009v11n1p59   Objetivou-se analisar fatores associados à atividade física e aos comportamentos sedentários em adolescentes. A amostra foi composta de 1675 escolares (784 rapazes e 891 moças, de 11 a 17 anos de idade, de Caxias do Sul-RS. Um questionário foi aplicado para identificar o nível de atividade física (recordatório de 3 dias e o número de horas em comportamentos sedentários. Considerou-se como baixo nível de atividade física (baixo NAF um gasto energético menor do que 37kcal/kg/dia e exposição elevada a comportamentos sedentários (CSE assistir TV, jogar videogame ou utilizar computador mais do que 14h/semana. Os resultados do teste qui-quadrado indicaram que as moças apresentaram maior prevalência de baixo NAF (66,8%>43,2%; p84,0%; p=0,001. Baixo NAF associou-se aos rapazes a partir da regressão de Poisson, com residir com até 4 pessoas (RP=1,21;IC95%1,00-1,46 e com o baixo NAF da mãe (RP=1,23;IC95%1,00-1,53, e nas moças, com a faixa etária de 15-17 anos (RP=1,30;IC95%1,18-1,44, residir com até 4 pessoas (RP=1,17;IC95%1,04-1,31, possuir TV no quarto (RP=1,13;IC95%1,02-1,25 e deslocar-se passivamente à escola (RP=1,10;IC95%1,00-1,22. A CSE associou-se às moças à maior escolaridade do chefe da família (RP=1,08;IC95%1,01-1,16 e a possuir TV no quarto (RP=1,15;IC95%1,08-1,22. Destaca-se a associação entre as medidas de aproximação socioeconômica e os comportamentos de risco (baixo NAF e CSE. O conhecimento dos fatores associados ao baixo NAF e à CSE facilita a implantação de intervenções mais efetivas, a fim de promover um estilo de vida mais ativo.

  12. Prevalência e fatores de risco para tabagismo em adolescentes Prevalence and risk factors for smoking among adolescents

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maura C Malcon

    2003-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: O tabagismo é uma das principais causas de enfermidades evitáveis e incapacidades prematuras. Nesse sentido, realizou-se estudo com o objetivo de medir a prevalência e estudar fatores de risco associados ao tabagismo nos adolescentes. MÉTODOS: A partir de um delineamento transversal de base populacional, estudou-se uma amostra representativa de 1.187 adolescentes de 10 a 19 anos, da zona urbana de Pelotas, sul do Brasil. Todos os adolescentes da amostra, de cada domicílio, foram entrevistados por meio de questionário pré-codificado, individual e confidencial. Utilizou-se o teste de Kaplan-Meier para análise da curva de sobrevida. RESULTADOS: A prevalência de tabagismo na amostra foi de 12,1% (IC95% 10,3%-14%. As prevalências foram similares para os sexos femininos e masculinos. Os fatores de risco para tabagismo na análise multivariada, por regressão logística, foram: maior idade, odds ratio (OR de 28,7 (11,5-71,4, irmãos mais velhos fumantes, OR de 2,4 (1,5-3,8, três ou mais amigos fumantes, OR de 17,5 (8,8-34,8 e baixa escolaridade OR de 3,5 (1,5-8,0. CONCLUSÕES: A prevalência de tabagismo na adolescência mostrou-se alta, na cidade de Pelotas. Campanhas antitabágicas devem ser direcionadas à comunidade e à família tendo o adolescente como alvo. Medidas legais adotadas pelo governo são importantes para impedir o acesso dos adolescentes ao cigarro.OBJECTIVE: Tobacco smoking is one of the main causes of preventable disease and premature disability. Th estudy was aimed at measuring smoking prevalence and related risk factors among adolescents. METHODS: A population-based cross-sectional study was carried out in a representative sample of 1,187 adolescents aged 10 to 19 years living in the urban area of Pelotas, southern Brazil. All adolescents were interviewed separately using a confidential coded questionnaire. Kaplan-Meier test was performed for survival curve analysis. RESULTS: The overall smoking prevalence

  13. The psychopathological factors of refractory schizophrenia Fatores psicopatológicos da esquizofrenia refratária

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tânia Maria Alves

    2005-06-01

    és da Escala Breve de Avaliação Psiquiátrica, versão ancorada e traduzida para o português (BPRS-A. A confiabilidade foi de 0,80. Os 18 sintomas foram submetidos à análise fatorial exploratória com rotação Varimax. RESULTADOS: Quatro fatores foram obtidos: Negativo/Desorganização, composto por retraimento afetivo, desorientação, afeto embotado, maneirismo & postura e desorganização conceitual; Excitação, formado por excitação, hostilidade, tensão, idéias de grandeza e falta de cooperação; Positivo, contendo os itens delírio, desconfiança e comportamento alucinatório; e Depressivo, que agrupou humor depressivo, sentimento de culpa e retardo motor. CONCLUSÕES: O estudo reproduziu os quatro fatores psicopatológicos encontrados na literatura, provenientes de amostras tanto de pacientes com esquizofrenia refratária como não-refratária. A BPRS-A permitiu a distinção de agrupamentos psicopatológicos específicos que têm valor na avaliação da resposta terapêutica destas formas de esquizofrenia.

  14. Nutritional status in the oldest elderly and associated factors Estado nutricional de idosos longevos e fatores associados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Caroline Boscatto

    2013-02-01

    Full Text Available OBJECTIVE: To verify factors associated with nutritional status in an oldest elderly communitydwelling population in Southern Brazil. METHODS: This cross-sectional epidemiological and household-based study involved all subjects (n = 134 aged > 80 years who were living in Antônio Carlos (Santa Catarina state, Brazil. Nutritional status was assessed by body mass index (BMI 27.0 kg/m2, overweight. Explanatory variables in the study were: gender (women/ men, literacy (knows how to write and read - yes/no, living conditions (lives alone/with company, cognitive function (normal/altered, eating difficulty (yes/no, medication use (none to two/three or more, morbidity (none to two/three or more diseases, alimentary pattern (adequate/inadequate, alcohol consumption (none to one day a week, two or more days a week, cigarette smoking (never/current or former smoker, physical activity level ( 150 min/week, and sitting time ( 4 hours but 6 hours/day. RESULTS: Prevalence of underweight was 27.3% in men and 12.8% in women (p OBJETIVO: Verificar os fatores associados ao estado nutricional de uma população de idosos longevos vivendo em comunidade no sul do Brasil. MÉTODOS: Este estudo epidemiológico, transversal, de base domiciliar, envolveu todos os idosos (n = 134, com idade > 80 anos, residentes no município de Antônio Carlos (Santa Catarina. O estado nutricional foi verificado por meio do índice de massa corporal: (IMC 27,0, excesso de peso. As variáveis exploratórias do estudo foram: sexo, saber ler e escrever (sim/não; arranjo familiar (mora só/acompanhado; função cognitiva (normal/alterada; dificuldade para comer (sim/não; uso de medicamentos (0-2/3 ou mais; morbidades (0-2/ 3 ou mais, padrão alimentar (adequado/não adequado; consumo de bebidas alcoólicas (0-1 dia/sem. ou 2 ou mais dias/sem; tabagismo (nunca/fumante ou ex-fumante; nível de atividade física ( 150 min./sem.; tempo sentado ( 4 horas mas 6 horas/dia. RESULTADOS: A preval

  15. Fatores que contribuem para o desmame precoce Factores que contribuyen para el destete precoz Factors that contribute to early weaning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirella Teixeira Joca

    2005-12-01

    Full Text Available A interrupção prematura da amamentação pode acarretar perigos, pois os alimentos a serem utilizados são inadequados do ponto de vista nutricional, além de expor a criança a organismos infecciosos. Torna-se relevante investigar os fatores relacionados ao desmame precoce. Pesquisa exploratória e quantitativa, realizada no Centro de Desenvolvimento da Família (CEDEFAM, no período de maio a junho/2003, com 20 nutrizes, no qual foi aplicado um questionário contendo 12 questões sobre os motivos que as levaram a desmamarem precocemente. Os resultados foram agrupados em três segmentos: fatores de desmame relacionados com o perfil; a assistência pré-natal e o parto; e prática do aleitamento materno, e apresentados em forma de tabelas. Concluímos que os profissionais e a sociedade podem não estar preparados para favorecer a mulher no exercício da amamentação. Enquanto isso, a política de saúde não cria condições para que todos tenham acesso à educação, melhoria de renda e conscientização do planejamento familiar.La interrupción precoz del destete puede resultar en peligros, pues los alimentos utilizados son considerados por los nuticionistas como inadecuados, además de exponer al niño a organismos infecciosos. Es muy importante investigar los factores relacionados al desmame. Investigación exploratoria y cuantitativa, realizada en una Unidad de Desarrollo de la Família (CEDEFAM, en el período de mayo hasta junio/2003, con 20 nutrices, cuando fue aplicado un cuestionardo com 12 cuestiones sobre los motivos que que las llevaron al destete precoz. Los resultados fueron agrupados en tres segmentos: factores de destete relacionados con el perfil; la asistencia prenatal y el parto; y práctica de la amamantación materna, y presentados en forma de tabelas. Concluimos que los profesionales y la sociedad pueden no estar preparados para faborecer la mujer en amamantación. Mientras eso ocurre, la política de salud no crea

  16. Síndrome metabólica: identificando fatores de risco Metabolic syndrome: identifying the risk factors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simão Augusto Lottenberg

    2007-11-01

    Full Text Available OBJETIVOS Discutir a síndrome metabólica e a identificação de seus fatores de risco, inclusive na faixa etária pediátrica. FONTES DE DADOS: Artigos de revisão indexados. SÍNTESE DOS DADOS:A síndrome metabólica caracteriza-se pela resistência à insulina e pela presença de fatores de risco para doenças cardiovasculares e diabetes melito tipo 2. Não existe ainda um consenso com relação a seus critérios diagnósticos. Na presente revisão, os critérios diagnósticos da Associação Americana de Cardiologia (US National Cholesterol Education Program, Associação Americana de Endocrinologistas Clínicos, Organização Mundial da Saúde e Federação Internacional de Diabetes são apresentados, e as possibilidades de aplicação dos mesmos na infância são discutidas. São também abordados os aspectos fisiopatológicos da síndrome, principalmente aqueles relacionados ao período perinatal e à infância. CONCLUSÃO: A síndrome metabólica tem sido identificada de forma cada vez mais freqüente, principalmente durante a adolescência. Mudanças de estilo de vida, como alimentação e atividade física, são fundamentais na sua prevenção e tratamento. Tratamento medicamentoso e, eventualmente, tratamento cirúrgico também devem ser considerados, dependendo da gravidade, mesmo nesta fase da vida.OBJECTIVES: To discuss the metabolic syndrome and identify its risk factors, including in the pediatric age group. SOURCES: Indexed review articles. SUMMARY OF THE FINDINGS: The metabolic syndrome is characterized by insulin resistance and the presence of risk factors for cardiovascular diseases and diabetes mellitus type 2. Consensus has not yet been reached on its diagnostic criteria. This review presents diagnostic criteria defined by the American Heart Association (US National Cholesterol Education Program, the American Association of Clinical Endocrinologists, the World Health Organization and the International Diabetes Federation

  17. Fatores de risco para diárreia persistente em lactentes Risk factors to persistent diarrhea in infants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria das Graças Moura Lins

    2003-12-01

    Full Text Available RACIONAL: A diarréia persistente é uma doença multicausal. A análise do risco para o prolongamento do quadro diarréico envolve variáveis ambientais, biológicas e do manejo clínico. OBJETIVO: Identificar fatores de risco para a diarréia persistente em crianças hospitalizadas na fase aguda do quadro diarréico. PACIENTES E MÉTODOS: O estudo foi do tipo caso-controle. A amostra consistiu de 216 crianças menores de 24 meses hospitalizadas por diarréia de início abrupto, no Instituto Materno-Infantil de Pernambuco, Recife, PE. O grupo de casos incluiu as crianças com diarréia persistente e o de controles aquelas com diarréia aguda. Foram analisadas variáveis socioeconômicas, biológicas, de morbidade anterior, clínicas e do manejo terapêutico prévio à admissão.