WorldWideScience

Sample records for bicudo-do-algodoeiro por frutos

  1. Preferência alimentar do bicudo-do-algodoeiro por frutos de diferentes cultivares e idades

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Busoli Antonio Carlos

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a preferência alimentar de adultos do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman, 1843 (Coleoptera: Curculionidae, por duas cultivares de algodão (Gossypium hirsutum L. com frutos de diferentes idades. Foram realizados quatro experimentos em laboratório, avaliando-se o número de orifícios de alimentação. Maçãs de 2, 8 e 12 dias de idade, das cultivares IAC-20 e Reba P288, foram oferecidas aos insetos, confinados em recipientes, com opção de escolha quanto à idade e cultivar (primeiro experimento, sem opção de escolha quanto à idade e cultivar (segundo experimento, sem opção de escolha quanto à cultivar e com opção quanto a idade (terceiro experimento e sem opção quanto à idade e com opção de escolha quanto à cultivar (quarto experimento. Observou-se preferência por maçãs da cultivar IAC-20 com dois dias de idade, com uma redução de danos de 23,53% e 78,43%, respectivamente, aos oito e aos doze dias de idade.

  2. Seleção de isolados de Beauveria bassiana patogênicos ao bicudo-do-algodoeiro Selection of isolates of Beauveria bassiana pathogenic to cotton boll weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Domingues da Silva

    2001-02-01

    Full Text Available Objetivou-se selecionar isolados de Beauveria bassiana (Balsamo Vüillemin provenientes de diferentes hospedeiros e regiões geográficas, patogênicos ao Anthonomus grandis, o bicudo-do-algodoeiro. Foram analisados 12 isolados em condições de laboratório. Os isolados obtidos originalmente de A. grandis foram pouco virulentos a essa praga. A mortalidade do bicudo teve início no segundo dia após a inoculação das suspensões fúngicas, variando de 15% a 83%, com TL50 entre 5,30 a 11,06 dias. Os isolados apresentaram variabilidade quanto à germinação dos conídios em meio de cultura artificial, e esta não se correlacionou com a patogenicidade. O isolado CG138 de B. bassiana destacou-se como um dos mais virulentos ao bicudo-do-algodoeiro.The objective of this work was to screen pathogenic isolates of Beauveria bassiana (Balsamo Vüillemin from different hosts and geographic regions, pathogenic to the cotton boll weevil. Twelve isolates were evaluated. Isolates originally obtained from boll weevil showed low pathogenicity against this host. Insect mortality began on the second day after inoculation by fungal suspension, ranging from 15% to 83%, with a TL50 of 5.30 to 11.06 days. Variability among isolates concerning conidial germination in artificial culture medium was verified, and TG50 did not correlate with pathogenicity. One of the most virulent isolates of B. bassiana against cotton boll weevil is CG138.

  3. Aspectos biológicos de adultos de um parasitóide do bicudo do algodoeiro Biological aspects of a parasitoid of the cotton boll weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Helena Avelino Araújo

    1999-10-01

    Full Text Available Bracon sp. é um importante agente de controle biológico de Anthonomus grandis (Boheman. Estudaram-se em laboratório, aspectos biológicos de Bracon sp., utilizando-se como hospedeiro larva do bicudo do algodoeiro, a temperatura de 26 ± 2oC, 70 ± 5% UR e fotofase de 12 horas. O ciclo biológico de Bracon sp. teve duração média de 11,7 dias, o período de incubação de 1 dia, o período médio larval de 3,9 dias, com 4 estádios; a viabilidade larval de 98,7%, o período pré-pupal de 0,6 dia, o período pupal de 6,2 dias, o tempo de pré-oviposição de 4,0 dias. A fêmea colocou, em média, 74 ovos em um período de 27,2 dias, a oviposição média diária de 2,7 ovos/fêmea/dia, o período de pós-oviposição de 3,7 dias e a longevidade de Bracon sp. foi de 34 dias para as fêmeas. A informação da biologia deste braconídeo é necessária para desenvolver estratégias de propagação e colonização do parasitóide.Bracon sp. is an important biological control agent of Anthonomus grandis, the cotton Boll weevil. The objective of this work was to evaluate biological aspects of Bracon sp. using cotton Boll weevil larvae as host, at conditions of 26 ± 2oC, with 70 ± 5% RH and 12h photoperiod. The complete life cycle of Bracon sp. was 11.7 days. The incubation period lasted 1.0 day and the larval period 3.9 days with four stages; the viability of the larvae was 98.7%; prepupal period lasted 0.6 day; and the pupal period lasted 6.2 days. Preoviposition period was 4.0 days, and the females laid an average of 74.0 eggs with in an oviposition period of 27.2 days, while the average daily oviposition rate was 2.7 eggs per female per day, posovipositional lasted 3.7 days, and the longevity of Bracon sp. was 34.0 days in females. The information of the biology of this Braconid is needed to develop parasitoid propagation and colonization strategies.

  4. Effect of diameter of the cotton squares in the development of boll weevil Efeito do diâmetro do botão floral no desenvolvimento do bicudo-do-algodoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Doniseti Michelotto

    2007-01-01

    Full Text Available The objective of this work was to study the effect of diameter of the cotton squares in the corporal mass of adults of boll weevil, Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae. The assay was carried out under field and laboratory conditions, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. Six samplings obtained from a random harvesting of ten plants of each cultivar (Coodetec 405 and Fibermax 986. The number and diameter of squares were recorded for each plant. Squares with oviposition orifices were kept individually in a recipient and observed daily until adult emergence. The larger the diameter of the squares, the more corporal mass of boll weevil newly emerged adults in both cultivars.O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito do diâmetro dos botões florais de algodoeiro na massa corporal de adultos do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae. O experimento foi realizado em condições de campo e laboratório, em Jaboticabal (SP, Brasil. Foram realizadas seis amostragens, coletando-se ao acaso dez plantas nas cultivares Coodetec 405 e Fibermax 986, avaliando-se o número e o diâmetro de botões florais. Os botões florais com orifícios de oviposição foram individualizados em frascos e observados diariamente para a visualização da emergência dos adultos. Botões florais com maiores diâmetros proporcionam maior massa corporal de adultos de A. grandis recém-emergidos nas duas cultivares.

  5. ANTRACNOSE DO CAQUIZEIRO CAUSADA POR Colletotrichum horii: INCIDÊNCIA EM RAMOS, FOLHAS, FLORES E FRUTOS EM CAMPO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RENATO REZENDE YOUNG BLOOD

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência em várias partes da planta e o desenvolvimento da antracnose do caquizeiro causada por Colletotrichum horiinas cultivares Fuyu e Kakimel produzidas sob os sistemas orgânico e convencional, respectivamente, nas safras de 2010/2011 e 2011/2012, em Campina Grande do Sul, Paraná, Brasil. Em cada pomar, 10 plantas foram selecionadas aleatoriamente, e 10 ramos do ano por planta, distribuídos ao redor dacopa, foram marcados para as avaliações de incidência de antracnose em ramos e folhas, a cada 15 dias. A quantificação de frutos caídos com ou sem sintomas da doença foi a cada 15 dias, durante o período de crescimento de frutos até a colheita, relacionada com a produção total. C. horii em flores foi avaliada em campo e também após incubação no laboratório. Infecção latente foi observada em frutos verdes coletados aos 90; 120 e 150 dias após a floração. Em ambas as safras, observou-se a queda de frutos com sintomas de antracnose entre os meses de janeiro e abril. C. horii é capaz de infectar flores, permanecer latente e provocar sintomas de antracnose em frutos imaturos. Frutos colhidos sadios apresentaram sintomas em pós-colheita após a incubação.

  6. Extracción de nutrientes por los frutos de cacao en dos localidades en Costa Rica.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Parménides Furcal Beriguete

    2016-12-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación fue analizar la extracción de nutrientes en frutos de clones de cacao (Theobroma cacao. El estudio se hizo en plantaciones de cacao de siete años, en las localidades de Katira, Guatuso y el Centro Agronómico Tropical de Investigación y Enseñanza (CATIE, Turrialba, Costa Rica, entre los meses de marzo a agosto del año 2014. El diseño experimental utilizado fue completamente al azar con tres repeticiones; para el análisis se mezclaron por separado las semillas y la cáscara de tres frutos, para formar una repetición de cada uno de los siete clones de cacao seleccionados por el CATIE por su tolerancia a moniliasis (Moniliophthora roreri, calidad y altos rendimientos. Los resultados obtenidos mostraron que de una tonelada de semillas secas de estos clones, incluyendo la cáscara del fruto, se extraen entre 33,45 a 37,80 kg de nitrógeno (N, entre 40,35 y 50,64 kg de potasio (K, y de fósforo (P en un rango de 7,33 a 8,37 kg. El orden de extracción de los nutrientes fue: K>N>P>Mg>Ca>Mn>Fe>Zn>B=Cu.

  7. Desempenho de genótipos de algodoeiro sob pressão de bicudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Campos Abreu

    2013-02-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2013v26n2p77   O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento de cinco genótipos de algodoeiro em condições de infestação de bicudo-do-algodoeiro. O experimento foi realizado em Janaúba-MG, no ano agrícola de 2004/2005. O delineamento experimental adotado foi de blocos casualizados, com quatro repetições. Foram utilizados cinco tratamentos (constituídos pelos seguintes genótipos de algodoeiro: Redenção, Precoce 1, Linhagem experimental, Liça e Alva. A densidade de plantas foi de 88.000 a 100.000 plantas/ha. Na condução da cultura não foram adotados quaisquer métodos de controle de pragas. Foram avaliados o número de capulhos, o rendimento de algodão em caroço, a altura de planta, a massa do capulho, a massa de 100 sementes, a porcentagem de pluma, a época de floração e o número médio de bicudo-do-algodoeiro nos botões florais. As cultivares Alva e Linhagem experimental obtiveram os maiores rendimentos de algodão em caroço, 1.092,5 kg.ha-1 e 922,5 kg.ha-1, respectivamente, comparadas à ‘Redenção’, que apresentou a menor produtividade, 453,6 kg.ha-1. A Linhagem experimental foi a mais infestada, apresentando a maior média de indivíduos, de 1,7 bicudo-do-algodoeiro por planta.

  8. Identificación de los compuestos volátiles de frutos de papaya sin ovipositar y ovipositados por toxotrypana curvicauda (diptera: tephritidae).

    OpenAIRE

    Ruiz Gómez, Olga Lidia

    2016-01-01

    En los tefrítidos la búsqueda, localización y aceptación del hospedero, depende generalmente de estímulos químicos que pueden ser identificados por las hembras a la distancia. La emisión de compuestos volátiles del fruto, puede cambiar con la oviposición y modificar la atracción de las hembras. En el presente estudio se evaluó la atracción de hembras grávidas de Toxotrypana curvicauda hacia frutos de papaya sin ovipositar y ovipositados y se identificaron los compuestos volátiles de los fruto...

  9. Consumo de nutrimentos por los frutos y bandolas de cafe caturra durante un ciclo de desarrollo y maduracion en Aquiares, Turrialba, Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Floria Ramírez

    2002-01-01

    Full Text Available Con el fin de detenninar las etapas de ab- cosorci6n mas importantes durante el periodo de llenado del fruto de cafe, con miras a mejorar el suplemento de nutrimentos via fertilizaci6n fo- liar, se elabor6 una curva de absorci6n 0 acumu- laci6n de nutrimentos por los frutos y las bando- las de plantas de cafe, en la zona de Aquiares, Tu- rrialba. Esta zona presenta floraciones sucesivas, no obstante, se realiz6 un muestreo secuencial de bandolas (marcadas en el momento de maxima succefloraci6n de una plantaci6n de caturra de 2 afios de poda baja. Se clasific6 los frutos por tamafio de cada una de esas bandolas y se estableci6 la categoria de fruto dominante cada mes, a 10 largo de los 8 meses de desarrollo del fruto. Asi, se ela- bor6 la curva de consumo de nutrimentos por un domifruto, con la que se pudo establecer, para cada uno de los nutrimentos, especialmente los meno- res, los momentos de maxima absorci6n por el fruto y por 10 tanto los mas apropiados para reci- bir un suplemento foliar. A los 90 dias (3 meses despues del pico de floraci6n, todos los elemen- tos, excepto el K, han sido consumidos en un 50% del requisito total. Un programa de fertili- zaci6n foliar de elementos menores que quisiera apoyar efectivamente el curso de fonnaci6n, lle- nado y maduraci6n de frutos deberia incluir el suplemento de Zn y B preferiblemente a los 2,5 y 3,5 meses, y un adicional solo de B hacia el momento de lamaduracion, 6,5 meses. Las apli- caciones tardias de Zn no resultan pertinentes pues el consumo de ese elemento finaliza antes elede esa epoca. Otros elementos como el Mg, el N y el K serfan recomendables a los 2,5 y 6,5 me- ses. Si la plantacion tuviera necesidades particu- particulares de Ca, estas deberfan suplirse antes de los primeros 3 meses.

  10. Tratamientos poscosecha para el control de los daños por frío en frutos climatéricos y no climatéricos

    OpenAIRE

    Romojaro Casado, María del Carmen

    2016-01-01

    Dado que en los frutos climatéricos la mayoría de los procesos relacionados con la maduración están regulados por el etileno, esta hormona podría participar en el desarrollo de los daños por frío (DF). En el caso de los frutos no climatéricos, aunque el etileno no interviene en el desencadenamiento y desarrollo de la maduración, podría también tener un efecto inductor de los DF en las especies sensibles, ya que también el deterioro se inicia por la degradación de las membranas celulares. En l...

  11. EL RENDIMIENTO DE FRUTO POR CLADODIO DEPENDE DE SUS ATRIBUTOS FÍSICOS EN Opuntia ficus–indica (L. Miller VARIEDAD ‘ROJO PELÓN’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo David Valdez-Cepeda

    2014-01-01

    Full Text Available La especie Opuntia ficus–indica (L. Miller crece en un rango amplio de condiciones ambientales. Esto implica una gran variabilidad de rendimiento y maduración de fruto, entre otros aspectos. El objetivo de este trabajo de investigación fue identificar las dependencias del rendimiento de fruto por cladodio con respecto a la materia fresca o seca de cladodio de fructificación, y a la proporción entre longitud y ancho de cladodios de fructificación. La técnica de curva límite y los datos de 60 cladodios de fructificación terminales de un año de edad y sus 480 frutos de O. ficus–indica variedad ‘Rojo Pelón’ de 20 árboles de nopal de 6 años de edad distribuidos a una densidad de 625 plantas·ha –1 fueron usados. Muchos de los cladodios de fructificación con 144 g (mínimo a 964 g (máximo de materia fresca tuvieron rendimientos de fruto de 409 g o más por cladodio; mientras que la mayoría de los cladodios de fructificación con 14.4 g (mínimo a 78.5 g (máximo de materia seca tuvieron rendimientos de fruto de 409 g o más por cladodio. Longitudes de 21.8 cm a 38.4 cm y anchos de cladodio de fructificación de 15.2 cm a 20.8 cm están asociados al 90 % de los vértices correspondientes (los rendimientos de fruto mayores por cladodio. Esos valores pueden ser usados para realizar la poda con el objetivo de asegurar rendimientos grandes con frutos de peso fresco aceptable y tamaño comercial apropiado.

  12. Interação das lesões causadas pela sarna-da-macieira (Venturia inaequalis na capacidade de infestação dos frutos por lagartas de Grapholita molesta (Lepidoptera: Tortricidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Arnaldo Batista Neto e Silva

    2011-12-01

    Full Text Available Em monitoramentos de pragas realizados na cultura da macieira foram observadas maiores infestações da mariposa oriental (Grapholita molesta em frutos provenientes de pomares com maior incidência de lesões causadas pela sarna-da-macieira (Venturia inaequalis. Para validar esta observação, conduziu-se um experimento em laboratório com o objetivo de verificar a influência de lesões da sarna da macieira em frutos, na capacidade de infestação por G. molesta. Foram utilizados frutos (n=200 de macieira da variedade Gala com sintomas da sarna (n=100 e frutos sadios (n=100. Uma lagarta recém-eclodida foi inoculada em cada fruto e a avaliação foi realizada 10 dias após a infestação, determinando-se o número de lagartas que conseguiram penetrar nos frutos. Houve diferença significativa na capacidade de penetração das lagartas associado a presença de lesões da sarna (87% quando comparado com frutos sadios (61%. Conclui-se que frutos de maçã da cv. Gala atacados por Venturia inaequalis são mais infestados por lagartas de primeiro ínstar de Grapholita molesta.

  13. Extracto etéreo de frutos de Bromelia pinguin L. (piña de ratón por el sistema acoplado CG-EM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Abreu Payrol

    2001-04-01

    Full Text Available Se realizó el estudio del extracto etéreo de frutos de Bromelia pinguin L. (piña de ratón mediante el sistema acoplado CG-EM. Se detectó la presencia de los ácidos 2-pentenodioico, octanodioico, ftálico, cítrico, nonanodioico, 12-metiltetradecanoico, palmítico, oleico, linolénico, esteárico, 11,14,17-eicosatrienoico y 11,14-eicosadienoico. La identificación fue realizada sobre la base de los tiempos de retención y fue confirmada por comparación de los espectros de masas con los de patrones. Por primera vez es informada la presencia de estos compuestos en los frutos de B. pinguin L.The study of the ethereal extract from fruits of Bromelia pinguin L. ("piña de ratón" was conducted by the CG-EM coupled system. The following acids were detected: 2-pentanedioic, octanedioic, phthalic, citric, nonanodioic, 12-methyltetradecanoic, palmitic, oleic, linoleic, stearic, 11,14,17-eicosatrie-noic and 11,14-eicosadienoic. Their identification was based on the times of retention and it was confirmed by comparing the spectra of masses with those of patterns. The presence of these compounds in the fruits of B. pinguin L. is reported for the first time.

  14. POR SUS FRUTOS (NO LOS CONOCERÁN: CONSTRUCCIÓN COLECTIVA DE CONOCIMIENTO EN LA ESCRITURA COLABORATIVA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Constanza Pérez Martelo

    2012-01-01

    Full Text Available En este trabajo abordamos la pregunta "¿cuáles son las dinámicas y frutos de la construcción colectiva de conocimiento?" a través de una observación participante en un ejercicio de construcción colaborativa de una ponencia dirigida al Congreso Latino-Iberoamericano de Gestión Tecnológica, Altec 2011, y del estudio de sus veinticinco versiones. Los resultados aportan elementos para estudiar las dinámicas de los grupos de investigación desde los procesos, considerando productos de segundo orden.

  15. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de erythroxylum deciduum (cocão) em ovinos no Estado de Santa Catarina

    OpenAIRE

    Borelli, Vanessa

    2009-01-01

    Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. Alguns produtores relacionavam a doença ao consumo de frutos de uma árvore conhecida como cocão (Erythroxylum deciduum), cuja toxidez já foi descrita anteriormente. Em virtude da ausência de frutos maduros desta árvore por ocasião da ocorrência dos surtos no município de Rancho...

  16. Crescimento de planta, partição de assimilados e produção de frutos de melão amarelo sombreado por diferentes malhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Hevilásio Freire Pereira

    2015-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar variações no crescimento, na partição de assimilados e na produção de frutos de melão, tipo Amarelo 'Gold Mine', sob cultivos sombreados por diferentes malhas. O experimento foi conduzido na Horta de Pesquisas do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, no período de 24/11/2008 a 11/03/2009. Os tratamentos foram constituídos de quatro ambientes de cultivo: controle (pleno sol e sob as malhas Aluminet(r 30%-O, Cromatinet(r 30%-O e Sombrite(r 30%, com reduções, na radiação solar incidente, de 30,8, 35, e 32,0%, respectivamente. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Para as características avaliadas periodicamente, utilizou-se o esquema de parcela subdividida com os ambientes alocados nas parcelas e as avaliações periódicas nas subparcelas. Dentre os ambientes sombreados, o cultivo do meloeiro sob a malha Aluminet(r 30%-O foi o tratamento que mais se destacou em termos de crescimento de planta e produção de frutos

  17. Ácidos carboxílicos del fruto de Bromelia pinguin L. (piña de ratón por HPLC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Abreu Payrol

    2001-08-01

    Full Text Available Se realizó el estudio de un extracto acuoalcohólico del fruto de B. pinguin L. (piña de ratón por cromatografía líquida de alta presión (HPLC, con el objetivo de detectar la presencia de ácidos carboxílicos. Se ratificó la presencia de ácido cítrico, y por primera vez se señala la existencia de ácidos glicólico, málico, láctico, succínico y aconítico. Estos compuestos se identificaron por sus tiempos de retención contra patrones.The study of an aqueous-alcoholic extract from B.Pinguin L.(piña de ratón fruit by high-performance liquid chromatography (HPLC was conducted to detect carboxylic acids. The presence of citric acid was confirmed and for the first time, glycolic, malic, lactic, succinic and aconitic acids were detected. These compounds were identified by their holding times when compared to the patterns.

  18. Correlação entre a necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp. com as características frutos por nó e produtividade entre genótipos de café arábica Correlation between fruit necrosis associated to Colletotrichum spp. with the fruits per node and yield traits of arabic coffee

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Hiroshi Sera

    2008-02-01

    Full Text Available O fungo Colletotrichum spp. vem sendo associado à graves perdas para a cafeicultura brasileira. Objetivou-se neste trabalho verificar a existência de relação entre a variável necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp. ("COL" com a quantidade média de frutos por nó produtivo ("FN" e com a produção ("PRD" em genótipos de café arábica. O ensaio de campo foi realizado no IAPAR (Londrina, PR, Brasil em dezembro de 2004 e em cafeeiros com três anos de idade. A variável "COL" foi avaliada atribuindo-se notas de 1 a 5, onde 1 representam plantas com 0 % a 5 % de frutos necrosados. "FN" foi avaliada seguindo uma escala de notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com 0 a 3 frutos/ nó e nota 5 com mais do que 15 frutos/ nó. A avaliação visual subjetiva da produção foi estimada em litros de frutos em estádio cereja, por planta. A correlação de Pearson foi estimada para avaliar a existência de associações entre as variáveis. Foram observadas correlações positivas e significativas a 1 % entre "COL" e "FN" e entre "COL" e "PRD". A necrose de frutos foi mais intensa em cafeeiros com mais produção e com mais frutos por nó produtivo. Sugere-se que a avaliação da resistência de campo à necrose dos frutos associada à presença de Colletotrichum spp. seja realizada em cafeeiros com alta produção e com alta quantidade de frutos por nó produtivo.Different fungi species of genus Colletotrichum has been associated with losses to the Brazilian coffee crop. The aim of this research was to evaluate the association between the variable fruit necrosis associated to Colletotrichum spp. ("COL" with the fruits per productive node average ("FN" and between "COL" and the yield ("PRD" in Coffea arabica L. genotypes. The field assay was evaluated at IAPAR (Londrina, PR, Brazil, in December 2004 and on coffee trees with three years old. The "COL" variable was evaluated attributing scores from 1 to 5, where score 1 represents plants

  19. Qualidade de frutos de cinco híbridos de melão rendilhado em função do número de frutos por planta Quality of fruits of five musk melon cultivars in function of the number of fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Castoldi

    2008-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade de cinco híbridos de melão rendilhado, com dois e três frutos por planta, utilizando fibra da casca de coco e fertirrigação. Para tanto, foi instalado um experimento em casa de vegetação na UNESP-FCAV, Câmpus de Jaboticabal, com delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições. Os fatores avaliados foram cinco híbridos de melão rendilhado (Maxim, Bônus nº 2, Shinju 200, Fantasy e Louis e número de frutos por planta (2 ou 3 frutos. Os frutos foram colhidos quando atingiram o máximo do desenvolvimento. Foram avaliados: sólidos solúveis, acidez titulável, pH, vitamina C e massa média dos frutos. Para todas as características avaliadas, não houve interação entre híbridos e o número de frutos por planta. Com base nos resultados obtidos, conclui-se que o híbrido Bônus nº 2 apresentou o maior número de características qualitativas desejáveis quando cultivada sob ambiente protegido, utilizando fibra da casca de coco e fertirrigação. O número de frutos por planta não afetou as características qualitativas avaliadas, exceto o teor de sólidos solúveis e massa média dos frutos, sendo maior quando deixados dois frutos por planta.The aim of this work was to evaluate the quality of five cultivars muskmelon, conducted with two or three fruits per plant, using coconut fiber and fertirrigation. This research was carried in green house conditions in UNESP-FCAV, Campus of Jaboticabal, with experimental design of randomized blocks in factorial scheme 5 x 2, with four replications. The studied factors were five cultivars muskmelon (Maxim, Bônus 2, Shinju 200, Fantasy e Louis and number of fruits per plant (2 or 3 fruits. Fruits were harvested after they have achieved the maximum growth. The following parameters were studied: soluble solids; total tritritable acidity; vitamine C and average mass of the fruit. There wasn

  20. La escoba de bruja del cacao [Crinipellis perniciosa (Stahel Singer] en la región del Piedemonte Llanero de Colombia: perfil de pérdidas de frutos de cacao por marchitamiento de pepinos, agentes criptogámicos e insectos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tovar Germán

    1991-06-01

    Full Text Available

    El objetivo de este estudio fue determinar la perdida de frutos de cacao debidas a la infección ocasionada por C. perniciosa, en el contexto de las pérdidas totales a causa de diferentes factores. Se encontró que el 10,5% de los frutos se perdió por los ataques de escoba de bruja y que las mayores pérdidas registradas eran debidas al marchitamiento fisiológico. Los frutos fueron más susceptibles a la enfermedad en el transcurso de sus dos primeros meses de edad, con una pérdida del 88% del total de los frutos afectados por la escoba de bruja. La distribución de frutos enfermos de acuerdo con el estrato del árbol no mostró diferencias importantes, siendo proporcional a tres estratos diferenciados en el árbol.

  1. Estimating peach palm fruit surface area using allometric relationships Estimativa da área superficial de frutos de pupunheira por relações alométricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Leão Alves Bovi

    2002-12-01

    Full Text Available Fruit surface area is an important trait in studies of developmental physiology, as well as in entomological and phytopathological research, where damage caused by insects and/or microorganisms needs to be quantified. Nonetheless, direct measurement of this trait is difficult, not very precise and destructive. This study establishes allometric relationships to estimate the surface area of peach palm (Bactris gasipaes Kunth, Palmae fruits. Five fruits were harvested, at different maturation stages, from each of 18 plants. Image digitalization and edition methodology was adapted and compared with the traditional gravimetric method. Regression analysis and curve fitting were used to compare the two methods and establish allometric relationships among fruit surface area and fruit weight and size. The method based on image digitalization was twice as fast as the gravimetric method. Curve fitting for all pairs of independent and dependent variables was better with the image method. For most relationships, the best model was the exponential function (Y = ax b, although, due to its simplicity, the linear model is also adequated. The best allometric estimates of fruit surface area (Y were obtained using the product of fruit length by maximum width (x were: Y = 2.077 x 1.189 (R² = 94.8%; and Y = - 6.261 + 3.961 x (R² = 94.5%. Traits needed to establish this relationship are easily measured and non-destructive in nature. Validation of the allometric equations is essential when applied to other populations or landraces.A área superficial do fruto é de importância fundamental em estudos relacionados à fisiologia do desenvolvimento, bem como em pesquisas entomológicas e fitopatológicas, onde o dano causado por insetos e/ou microorganismos precisa ser quantificado. No entanto, a medição direta dessa característica é difícil, além de não muito precisa e destrutiva. Neste estudo foram estabelecidas relações alométricas visando estimar a

  2. Estudo das características de tamanho de gotas de bicos de pulverização de energia centrífuga e hidráulica na cultura do algodoeiro

    OpenAIRE

    Alandia Roman, Rodrigo Alberto [UNESP

    2010-01-01

    Objetivou-se avaliar a características do tamanho de gota, a distribuição volumétrica, cobertura e deposição por bicos de energia centrífuga e hidráulica, assim como o controle do bicudo-do-algodoeiro e produtividade da cultura do algodão. No Laboratório de Análises do Tamanho de Partículas, com utilização de um medidor de gotas por difração a luz laser, foram realizadas todas as avaliações referentes ao tamanho de gota de todos os experimentos. Na primeira avaliação referente ao tamanho de g...

  3. Implicações do agrupamento de inflorescências para a taxa de visitação por beija-flores e a produção de frutos de Heliconia bihai (L. L. (Heliconiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caio César Corrêa Missagia

    2015-03-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2015v28n3p181 A distribuição espacial de plantas pode influenciar a atividade de visitantes florais. O agrupamento de flores em manchas pode ser mais atrativo aos visitantes e supostamente influenciar a produção de frutos. Este estudo teve por objetivo testar a hipótese de que em Heliconia bihai (L. L. (Heliconiaceae o tamanho do agrupamento de inflorescências influencia positivamente a taxa de visitação e a produção de frutos da espécie. O estudo foi realizado em trecho de Mata Atlântica, no município do Rio de Janeiro. Foram registradas cinco espécies de beija-flores visitantes florais. A taxa de visitação média (± desvio padrão dos beija-flores foi de 2 (± 0,56 visitas por hora por agrupamento. A quantidade de inflorescências por agrupamento influenciou positivamente a taxa de visitação dos beija-flores, mas influenciou negativamente a quantidade de frutos produzidos por inflorescência. De acordo com os resultados obtidos, sugerimos que a densidade de inflorescências em um agrupamento possa influenciar negativamente a quantidade de flores visitadas por cada inflorescência, em função de um aumento na quantidade de inflorescências incluídas nas rotas de forrageamento.

  4. Yield and fruit quality of peach scion by using rootstocks propagated by air layering and seed Produtividade e qualidade de fruto de pessegueiro utilizando porta-enxertos propagados por alporquia aérea e semente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Picolotto

    2010-12-01

    Full Text Available In rootstock propagation, several methods can be used; however few practices are adopted due to the lack of information about the behavior of stionic combinations at field. The work aimed to compare the propagation method by air layering with the traditional propagation system by seeds using the scion peach [Prunus persica (L. Batsch] cultivar Granada. The following variables were measured: yield, fruit weight and size, skin color, flesh firmness, total soluble solids content (TSS and titatrable acidity (TA, TSS/TA ratio, total phenols, trunk diameter and pruning mass. Yield, total phenols and titatrable acidity were higher when using the air layering propagation. There was no difference between propagation methods regarding color and diameter of fruit, flesh firmness and total soluble solid and TSS/TA ratio. Depending on propagation method, the fruit weight did not differ, nevertheless using the seed propagated Capdeboscq rootstock fruit weight was heavier. Plant behavior in each propagation method depended on the rootstock used. Scion cultivar (cv. Granada on air layering rootstock-derived keeps similar or superior yield and same attributes of fruit quality, better than using rootstocks derived from seeds.Na propagação de porta-enxertos vários métodos podem ser usados, no entanto alguns são pouco utilizados devido à falta de informação sobre o comportamento das plantas a campo. Avaliou-se o método de propagação de porta-enxertos por alporquia comparado ao sistema tradicional de propagação por meio de sementes no pêssego [Prunus persica (L. Batsch] cv. copa Granada. Avaliaram-se as seguintes variáveis: produtividade, peso de fruto, coloração da epiderme, firmeza de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST e acidez titulável (AT, relação SST/AT, tamanho de fruto, fenóis totais, diâmetro de tronco, e peso de poda. A produtividade, fenóis totais e acidez titulável foram maiores quando utilizado o método de propaga

  5. Secondary metabolites of vertebrate-dispersed fruits: evidence for adaptive functions Metabolitos secundarios de frutos dispersados por aves: evidencia de funciones adaptativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTIN L. CIPOLLINI

    2000-09-01

    patternsEn este articulo discuto evidencia reciente acerca del significado adaptativo de los metabolitos secundarios en la fruta madura y sus implicaciones para la dispersión de semillas por aves y otros vertebrados. Específicamente, reviso las hipótesis adaptativas originalmente presentadas y discutidas por Cipollini & Levey en 1997. Estas incluyen: atracción/asociación, efectos sobre la germinación, toxicidad general y dirigida, y compromisos en defensa. Además, presento y discuto una nueva hipótesis adaptativa: efectos nutricionales directos. Esta hipótesis es postulada para reflejar los descubrimientos recientes sobre los efectos positivos resultantes del consumo de metabolitos secundarios. Concluyo que se requieren estudios con un foco estrecho para examinar estas hipótesis de un modo directo. La evidencia en favor o en contra de cada hipótesis es observacional o indirecta, y obtenida de estudios no diseñados específicamente para probar estas hipótesis. A pesar de esto, la mayor parte de las hipótesis encuentran cierto nivel de apoyo - en ocasiones, incluso cuando el mismo metabolito es considerado (e.g., antocianinas y carotenoides que funcionan como pigmentos además de antioxidantes nutricionales. Finalmente, discuto la naturaleza de los blancos moleculares de los compuestos secundarios encontrados en plantas. Al hacerlo, refuerzo las nociones que sugieren que la existencia de interacciones sinérgicas y que la acción multifuncional en estos compuestos pueden proveer de soluciones económicas a plantas que se enfrentan a selección temporalmente variable, y a veces multidireccional, sobre frutos y semillas. Puede no resultar sorprendente el que los compuestos secundarios en plantas cumplen funciones múltiples; siendo probable el apoyo a muchas hipótesis no mutuamente exclusivas. Estudios comparados que permitan examinar estas hipótesis deben ser diseñados considerando cuidadosamente los efectos potenciales de las relaciones filogenéticas y las

  6. Abundância e exploração de frutos por tucano toco (Ramphastos toco) em uma mata ciliar no Pantanal Sul

    OpenAIRE

    Ragusa Netto, José

    2006-01-01

    Dentre as espécies de tucanos, a maior delas, tucano toco (Ramphastos toco), é singular, uma vez que é muito comum em ambientes semi-abertos e/ou com manchas de florestas. As matas ciliares são citadas como ambientes em que essa espécie é comum. No entanto, os fatores relacionados com a ocorrência de R. toco, nesse tipo de vegetação, são desconhecidos. Estudei a abundância do tucano toco na mata ciliar do rio Miranda (Pantanal Sul), bem como a oferta de frutos carnosos, com o propósito de ava...

  7. Concentração de potássio na solução nutritiva e a qualidade e número de frutos de melão por planta em hidroponia Potassium concentration in nutrient solution and quality and number of fruits of melon, cultivated in hidroponic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana Cavalcanti Costa

    2004-06-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT no período de junho a novembro de 2001, na FCAV-UNESP em Jaboticabal-SP, situada a 21º15’ 22" Sul, 48º18’58" Oeste, e altitude de 575 metros. O híbrido Bônus n0 2 foi cultivado em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Os elementos avaliados foram número de frutos por planta (2, 3, 4 e fixação livre e concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5mg L-1. O experimento teve como objetivo avaliar a concentração de potássio na solução nutritiva e número de frutos por planta sobre a qualidade dos frutos do meloeiro. Concentrações maiores do que 66mg L-1 de potássio na solução nutritiva não promoveram incrementos nas características de qualidade dos frutos do meloeiro como: teor de sólidos solúveis médio de todos os frutos da planta, do segundo fruto, da acidez total titulável média de todos os frutos da planta, do primeiro fruto, do segundo fruto, do índice de maturação, da espessura da polpa e do índice de formato dos frutos. Frutos oriundos de plantas de melão com dois frutos apresentaram maior teor de sólidos solúveis e acidez total titulável, independente da concentração de potássio na solução nutritiva. O maior número de frutos por planta reduziu a espessura do mesocarpo dos frutos.The experiment was carried out in Jaboticabal-SP. The hybrid Bonus n0 2 was cropped in randomized blocks design, in split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2, 3, 4 e free fruit set and potassium concentration in the nutrient solution (66, 115.5, 165 and 247.5mg L-1 were the studied factors. The increase of potassium concentration in the nutrient solution did not promote increase melon fruit quality characteristics such as: average soluble solid content from all plant fruits or that of the second fruit; average total tritratable acidity from all plant fruits and that of the first or

  8. Efeito do ensacamento de frutos sobre danos causados por fatores bióticos e abióticos em pomar orgânico de macieira Fruit bagging effect on the damage caused by biotics and abiotics factors in an organic apple orchard

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira dos Santos

    2006-08-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar o efeito do ensacamento dos frutos de macieira na incidência de danos causados por insetos-praga, sarna, "russeting" e queimadura pelo sol, além da praticidade dos diferentes tipos de embalagens utilizadas no ensacamento. O estudo foi conduzido no pomar orgânico de macieira da empresa Fischer Fraiburgo Agrícola Ltda, em Fraiburgo-SC, na safra 2004-2005. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados. Os tratamentos foram: a frutos não ensacados (testemunha, e b frutos ensacados, seguido de desensacamento aos 15 e 7 dias antes da colheita, e na colheita. Ensacaram-se, por tratamento, 150 frutos da cultivar Royal Gala e 300 frutos da cultivar Suprema, utilizando-se de dois tipos de embalagens: saco de papel-manteiga parafinado branco e de polipropileno microperfurado transparente. Observou-se que o ensacamento reduziu o ataque de pragas em relação aos frutos não ensacados. Porém, a sarna desenvolveu-se, tanto em frutos ensacados, quanto em não ensacados. Em geral, houve menos frutos com "russeting", com a antecipação da retirada dos sacos. A embalagem de polipropileno é mais fácil de ser manuseada, resiste à chuva e ao granizo, e apresentou menor custo que a de papel; entretanto, facilitou a queimadura de frutos pelo sol, principalmente quando se encontra muito aderida à epiderme destes.This study had as objective the evaluation of fruit bagging effect on the damage incidence caused by insect pests, apple scab, russeting and sunburn on apple fruits, and the practicity of different bagging bags used in organic apple orchard. The study was carried out at Fischer Fraiburgo Agrícola Ltda, in Fraiburgo, SC. It was used a completely randomized block design. The treatments were applied as follows: a no bagging fruits (control; b bagging fruits, followed by the unbagging at 15 and 7 days before harvest, and on the harvest day. It was bagged per treatment, 150 'Royal Gala' fruits and 300

  9. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de Erythroxylum deciduum (cocão em ovinos no Estado de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. Borelli

    2011-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. A doença foi reproduzida experimentalmente em ovinos com a administração de folhas de Erythroxylum deciduum coletados durante o verão, com doses letais a partir de 10g/kg de peso vivo. Em um único experimento com os frutos a dose de 15g/kg foi letal. O início da manifestação dos sinais clínicos, ocorreu entre 0 e 2 horas após a administração das folhas ou dos frutos e a evolução da doença foi de 10 minutos a 18 horas. Doses de até 20g/kg de folhas coletadas no período de inverno, produziram alterações clínicas discretas em dois ovinos. Os sinais clínicos foram depressão, sonolência e, quando os animais eram movimentados, incoordenação motora, desequilíbrio, quedas, dificuldade para se levantar e estação com os membros abertos. Também foi observado: salivação intensa, regurgitação, bruxismo, aumento das frequências cardíaca e respiratória. Os sinais clínicos se agravavam quando os animais eram movimentados e geralmente resultavam em morte. Os animais que morreram pelas intoxicações espontânea e experimental, não tinham alterações macroscópicas e microscópicas significativas. O corte das árvores de E. deciduum faz com que o tronco rebrote, favorecendo a ingestão da planta pelos ovinos. Este fato e a disponibilidade de frutos maduros que caem ao chão podem ser responsabilizados pela doença de ovinos com sinais nervosos e ausência de lesões macroscópicas e microscópicas, que ocorrem nos meses de verão, no Estado de Santa Catarina.

  10. Produção do melão rendilhado em função da concentração de potássio na solução nutritiva e do número de frutos por planta Net melon yield as affected by potassium concentration in nutrient solution and number of fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana C. Costa

    2004-03-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT, de junho a novembro de 2001, na UNESP, em Jaboticabal. A cultivar Bônus nº 2 foi cultivada sob blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Foram avaliados o número de frutos por planta (2; 3; 4 e fixação livre e a concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5 mg L-1 de K. Nas colheitas ocorridas entre 105 e 133 dias após o transplantio (DAT, foram obtidos 2,0; 2,5; 2,7 e 2,3 frutos por planta, enquanto que aos 85 DAT, o número de frutos fixados tinha sido, respectivamente, 2; 3; 4 e 6,2 frutos por planta. O incremento da concentração de potássio na solução nutritiva aumentou, inicialmente, o número de frutos fixados, e contribuiu, posteriormente, para a redução do abortamento dos frutos. Também, promoveu aumento no peso médio do segundo fruto. A produção e o peso médio dos frutos não foram influenciados pelo emprego de soluções nutritivas com concentração de potássio acima de 66 mg L-1. Entretanto, o número de frutos por planta afetou a produção e o peso médio dos frutos, promovendo respectivamente, aumento e redução à medida que maior foi o número de frutos por planta.The experiment was carried out using hidroponic solution (NFT from June to November-2001, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. The 'Bonus nº 2' was cultivated in randomized blocks design, with split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2; 3; 4 and free and potassium concentration in the nutrient solution (66; 115.5; 165 e 247.5 mg L-1 were the studied factors. At harvests [105 to 133 days after transplant (DAT], 2.0; 2.5; 2.7 and 2.3 fruits per plant were obtained, whereas at 85 DAT, 2; 3; 4 and 6.2 fruits had been set, respectively. Increasing potassium concentration in the nutrient solution improved initially fruit set and contributed later to reduce the fruit aborting in plants. Also the potassium promoted

  11. PARASITISM OF BOLL WEEVIL (Anthonomus grandis IN FLOWER BUDS OF COTTON PLANT, IN THE MUNICIPAL DISTRICT OF GOIÂNIA-GO PARASITISMO DO BICUDO DO ALGODOEIRO (Anthonomus grandis EM BOTÕES FLORAIS DO ALGODOEIRO, NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA-GO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Marçal Fernandes

    2007-09-01

    Full Text Available

    This work studied the indexes of parasitism of A. grandis in floral buttons of the cotton plants, collected in the soil and in the plants, in an area not treat with insecticides, located in the School of Agronomy of the Universidade Federal de Goiás, municipal district of Goiânia-GO. Floral buttons were collected with and without sign of oviparousness of the beaked ones. They presented larger parasitism occurrence in those collected in the soil. The parasites were identified as: Chelonus sp. (Microchelonus, Bracon sp. and Pteromalidae.

    KEY-WORDS: Insecta; parasitism; cotton plant; Anthonomus grandis.

    Estudou-se o índice de parasitismo de A. grandis em botões florais de algodoeiro coletados no solo e nas plantas, em uma área não tratada com inseticidas, localizada na Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás, no município de Goiânia (GO. Foram coletados botões florais com e sem puncturas de oviposição dos bicudos. Verificou-se um maior parasitismo nos botões florais coletados no solo. Os parasitóides foram identificados como Chelonus sp. (Microchelonus, Bracon sp. e Pteromalidae.

    PALAVRAS-CHAVE: Insecta; parasitismo; algodoeiro; Anthonomus grandis.

  12. Proceedings of the 13. Brazilian Congress on Entomology; 1. International Symposium of Bicudo from Cotton-plant; 2. Meeting of Cochineal Insect from Fodder Palm; 3. Meeting of Fruit Flies - v.1; Anais do 13. Congresso Brasileiro de Entomologia; 1. Simposio Internacional sobre Bicudo do Algodoeiro; 2. Encontro sobre Cochonilha da Palma Forrageira; 3. Encontro sobre Moscas-das-Frutas - v.1

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    1992-12-31

    This congress describes works on entomology, including topics as chemical control; forest, medical and veterinary entomology; taxonomy; studies of fruit flies and others insects and the use of gamma and ultraviolet radiation for pest control and food preservation. (author).

  13. Proceedings of the 13. Brazilian Congress on Entomology; 1. International Symposium of Bicudo from Cotton-plant; 2. Meeting of Cochineal Insect from Fodder Palm; 3. Meeting of Fruit Flies - v. 2; Anais do 13. Congresso Brasileiro de Entomologia; 1. Simposio Internacional sobre Bicudo do Algodoeiro; 2. Encontro sobre Cochonilha da Palma Forrageira; 3. Encontro sobre Moscas-das-Frutas - v. 2

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    1992-12-31

    This congress describes works on entomology, including topics as chemical control; forest, medical and veterinary entomology; taxonomy; studies of fruit flies and others insects and the use of gamma and ultraviolet radiation for pest control and food preservation. (author).

  14. Efeito da concentração de nitrogênio na solução nutritiva e do número de frutos por planta sobre a produção do meloeiro Effect of nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits per plant on yield of melon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe V. Purquerio

    2003-06-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, na UNESP em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a produção do melão (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80, 140, 200 e 300 mg L-1 e número de frutos por planta (2, 3, 4 e livre. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. Aos 80 dias após o transplantio, foram observados 2, 3, 4 e 5,1 frutos por planta e, posteriormente na colheita, 2, 2,9, 3,0 e 3,4 frutos por planta, respectivamente para os tratamentos com 2, 3, 4 e fixação livre, sendo esta redução atribuída ao abortamento de frutos. Houve redução no peso médio do 1º, 2º e 3º fruto colhido, com o aumento da concentração de nitrogênio. Plantas com o menor número de frutos, apresentaram maior peso médio dos mesmos, porém com menor produção por planta. A maior produção (2.474 g/planta foi obtida com 80 mg L-1 de nitrogênio na solução nutritiva.The effects of different nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, were investigated on net melon production (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid. The experiment was carried out in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, in NFT hydroponic system, from June to November, 2001. The experimental design was of randomized split plots, replicated six times. At 80 days after seedling transplant 2; 3; 4 and 5.1 fruits per plant were found. However, at harvest there were 2; 2.9; 3.0 and 3.4 fruits per plant, relative to 2; 3; 4 and free setting per plant treatment. This observed fruit reduction was attributed to fruit abortion. With the increase of nitrogen concentrations a reduction in first, second and third fruit weight was found. Plants with fewer fruits, produced higher average

  15. Relación entre la colonización de la encina por Curculio elephas Gyllenhal (Coleoptera, Curculionidae) y el periodo de caída natural de frutos

    OpenAIRE

    Soria Iglesias, Francisco Javier; Jiménez, A.; Villagrán Pinteño, Miguel; Ocete Rubio, María Elvira

    2005-01-01

    En un encinar del SW de España se ha realizado el seguimiento de una población del gorgojo Curculio elephas Gyll. (Coleóptera, Curculionidae) durante 2001 y 2002. La finalidad del trabajo fue valorar y relacionar la incidencia de la infestación del insecto con el proceso de maduración y caída natural de frutos de la encina. Durante ...

  16. Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos

    OpenAIRE

    Octavio Rubén Salazar Moya; José Irepan Reyes Olalde; Víctor Manuel Zúñiga Mayo; Stefan de Folter; Nayelli Marsch Martínez

    2012-01-01

    La última fase del desarrollo floral es la fertilización de los óvulos y la formación de los frutos,que son muy importantes tanto biológica como económicamente. Notoriamente, más del 80% de los alimentos que son consumidos por el ser humano proviene de flores y frutos.La obtención de conocimientos acerca de las bases moleculares del desarrollo de frutos en especies modelo es de gran interés científico, y un paso indispensable para poder facilitar investigaciones y de ser factible, aplicacione...

  17. Predição de "bitter pit" em maçãs 'gala' Por meio da infiltração dos frutos com magnésio Prediction of bitter pit in 'gala'apples by means of fruit infiltration with magnesium

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2009-12-01

    Full Text Available O "bitter pit" é considerado um dos principais distúrbios fisiológicos pós-colheita que ocorrem em maçãs. A análise nutricional dos frutos (concentrações de Ca, Mg, K e N, normalmente utilizada na avaliação do risco de ocorrência de "bitter pit", apresenta custo elevado e tem-se mostrado pouco eficiente para este fim. Isto tem estimulado o desenvolvimento de métodos alternativos para a predição em pré-colheita do risco de ocorrência pós-colheita de "bitter pit". Este trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar a viabilidade de utilização do método de infiltração de maçãs 'Gala'com magnésio (Mg, na predição do risco de ocorrência de "bitter pit" durante o armazenamento refrigerado. Em adição a isto, os valores de Ca na casca e na polpa (mg kg-1 de peso fresco, relacionados aos diferentes níveis de severidade e incidência de "bitter pit", em frutos infiltrados com Mg ou armazenados em câmara fria, foram representados graficamente, com o objetivo de predizer o risco de "bitter pit" com base nas concentrações de Ca. Os frutos foram colhidos em pomar com histórico de elevada incidência de "bitter pit", em Lages (SC, na safra 2003/2004, de 20 plantas previamente marcadas aleatoriamente. Os frutos utilizados para a infiltração (30 frutos por planta foram colhidos 20 dias antes da maturação comercial, enquanto os frutos armazenados em câmaras frigoríficas (100 frutos por planta foram colhidos na maturação comercial. Os valores de Ca nos frutos, acima dos quais houve baixo risco de ocorrência de "bitter pit", foram similares entre frutos infiltrados e não infiltrados com Mg, correspondendo a 55 e 192 mg kg-1, na polpa e na casca, respectivamente. A concentração de Ca quantificada no tecido da casca mostrou-se melhor indicador do risco de "bitter pit" em relação ao tecido da polpa. Os dados obtidos demonstram que o método de infiltração com Mg representa uma alternativa viável visando a avaliar

  18. Agrometeorological models for 'Valencia' and 'Hamlin' sweet oranges to estimate the number of fruits per plant Modelos agrometeorológicos para estimação do número de frutos por planta em laranjeiras 'Valência' e 'Hamlin'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia Elisandra Pasqua Paulino

    2007-02-01

    Full Text Available The development of models that allow forecasting yield tendencies is important to all sectors of the citrus industry. This work evaluated the influence of meteorological variables in different phases of the crop cycle in order to propose empirical models to estimate the number of fruits per plant (NFP of 'Valencia' and 'Hamlin' sweet oranges. NFP sampling data from the citrus juice industry of the State of São Paulo, on the total of 15 harvests (1990/91 to 2004/05, classified into three age classes, and meteorological data of maximum and minimum air temperature and rainfall of Limeira, SP, Brazil, were utilized. Correlation coefficients were initially computed between the number of fruits per plant and each meteorological variable used for water balance and variables related to air temperature, in different periods. Linear multiple regression models were fit to describe the empirical relationship between NFP and the subsets of agrometeorological predictors that presented higher correlations in different phases of the crop cycle. The meteorological conditions during the phases of vegetative summer flush, pre-flowering, flowering and beginning of fruit growth influenced the number of fruits per plant. The proposed models presented adequate goodness-of-fit with determination coefficients varying from 0.72 to 0.87.O desenvolvimento de modelos para previsões de tendências de produtividade é de grande importância para todos os elos da cadeia produtiva de citros. Buscou-se avaliar a influência de variáveis meteorológicas, em diferentes fases do ciclo da cultura, para propor modelos empíricos para estimação do número de frutos por planta em laranjeira 'Valência' e laranjeira 'Hamlin'. Utilizaram-se dados amostrais, provenientes da indústria de suco paulista, de número de frutos por planta (NFP, em três classes de idade, referentes aos valores estimados anuais de produtividade, no total de 15 safras (1990/91 a 2004/05, e dados meteorol

  19. Crescimento dos frutos de laranjeira 'Salustiana' situados em ramos anelados com diversas relações de folhas/frutos Growth of the fruits of 'Salustiana' sweet orange located in girdled shoots with several leaves to fruit ratios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dalmo Lopes de Siqueira

    2007-08-01

    Full Text Available A relação entre a área foliar e o crescimento dos frutos é um tema que freqüentemente recebe a atenção dos pesquisadores, por influenciar diretamente na produtividade das plantas e na qualidade dos frutos. Neste trabalho, avaliou-se o efeito da área foliar sobre o crescimento dos frutos da laranjeira 'Salustiana'. Foram utilizados ramos com 12 meses de idade e com apenas um fruto terminal. Os ramos foram anelados visando a manter diversas relações de folhas/fruto. Avaliaram-se, semanalmente, o crescimento dos frutos e os teores de amido presentes nas folhas durante um período de 42 dias. O crescimento dos frutos, avaliado na "fase de crescimento II", dependeu da área foliar disponível por fruto, sendo que 30 folhas foram suficientes para garantir o seu crescimento. As reservas de amido nas folhas dependeram da área foliar disponível por fruto e reduziram à medida que os frutos apresentaram aumentos no diâmetro e nas massas fresca e seca.The relationship between the foliar area and the fruit growth is an important theme because affects the tree productivity and fruits quality. In this work was evaluated the effect of the foliar area on the growth of the Salustiana's sweet orange fruits. Girdled shoots of 12 months were used with a single terminal fruit and several leaves-fruit ratios. It was evaluated, weekly, the fruit growth and the leaves starch contents during 42 days. The fruit growth, evaluated in the stage II, depended on the available leaf area per fruit, provided that 30 leaves were enough to guarantee its growth. The starch reserves in the leaves depended on the available leaf area per fruit and they reduced with the increase in the diameter and dry and fresh weight of the fruits.

  20. Desarrollo de una metodología de infestación artificial de plantas de tomate con el pasador del fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Enrique Casas Leal

    2008-12-01

    Full Text Available En un diseño de bloques completos al azar se confinaron en jaulas (1.5 x 1.5 x 1.8 m dos plantas de tomate (S. lycopersicum cv. Maravilla, podadas a dos tallos, con hembras de Neoleucinodes elegantalis (una, dos, cuatro y seis adultos, y el testigo. Los tratamientos se repitieron cuatro veces. Se evaluaron por planta las variables frutos afectados por pasador (% y número promedio de orificios de entrada del pasador por fruto. Se presentaron diferencias significativas entre tratamientos solo para la variable frutos afectados por pasador (%. Con la introducción de una hembra en el interior de la jaula se incrementaron en 5.29% los frutos afectados. Para obtener pérdida de frutos similar a la que se presenta en lotes comerciales muy susceptibles (50-60% se requirió la introducción de seis hembras en la jaula.

  1. La toxicidad por exceso de Mn y Zn disminuye la producción de materia seca, los pigmentos foliares y la calidad del fruto en fresa (Fragaria sp. cv. Camarosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Casierra-Posada Fanor

    2005-12-01

    estudiar la respuesta de plantas de fresa (Fragaria sp. cv. Camarosa a niveles elevados de Zn y Mn en el suelo. Las plantas de fresa crecieron en materas llenas con suelo en un invernadero en Tunja (Colombia. Se le adicionó gradualmente 350 mg de Zn ó 150 mg de Mn, como ZnSO4.7H2O y MnSO4. H2O, respectivamente, por kilogramo de suelo secado al aire. Las plantas se cosecharon 16 semanas luego de empezados los tratamientos. Se determinó: área foliar total; producción de materia seca; contenido de clorofila a, clorofila b y carotenos en hojas; contenido de sólidos solubles totales y diámetro longitudinal en frutos. Los resultados indicaron que altas concentraciones de Zn y Mn reducen el área foliar y la producción de materia seca. La calidad de la fruta se afectó por estos metales en el suelo: en plantas tratadas con altas concentraciones, los sólidos solubles totales de los frutos fueron menores que en los testigos, se les redujo el diámetro y disminuyó el contenido de clorofila y carotenos en las hojas. Se evidenció una mayor toxicidad del Zn para las plantas que del Mn.

  2. Éxito reproductivo y calidad de los frutos en poblaciones del extremo sur de la distribución de Ipomoea purpurea (Convolvulaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Galetto

    2002-01-01

    Full Text Available Se evaluó la producción de frutos y semillas en Ipomea purpurea en relación con diferentes tratamientos de polinización (autopolinización espontánea, autopolinización manual y polinización cruzada, durante dos temporadas reproductivas. La masa de los frutos, de las semillas y el número de semillas por fruto, se compararon entre tratamientos y entre años, a fin de detectar diferencias en la calidad de los frutos. Los resultados para las poblaciones estudiadas en el centro de Argentina confirman que se trata de una especie autocompatible y con la capacidad de producir frutos por autogamia espontánea. Los valores de éxito reproductivo mediados por polinización natural fueron altos (> 50%. Un fruto maduro pesa 0,1 g y contiene 4-6 semillas; la masa del total de semillas producidas por un fruto representa alrededor del 60% de la masa total del fruto. Los caracteres de los frutos y las semillas no presentaron diferencias significativas entre años o tratamientos. Asimismo, se compararon los frutos provenientes de polinización natural entre los individuos con distinto color de flor. En general, tampoco se encontraron diferencias significativas. Sólo los frutos provenientes de flores rosa presentaron un número significativamente menor de semillas que los frutos de los otros morfotipos florales (blanco o púrpura. El grupo principal de visitantes florales fue el de los Himenópteros, que pueden ser considerados polinizadores. Se registraron otros grupos de visitantes florales que no tendrían un papel preponderante en la transferencia de polen

  3. First record on the use of leaves of Solanum lycocarpum (Solanaceae and fruits of Emmotum nitens (Icacinacea by Platyrrhinus lineatus (E. Geoffroy (Chiroptera, Phyllostomidae in the Brazilian Cerrado Primeiro registro do uso de folhas de Solanum lycocarpum (Solanaceae e de frutos de Emmotum nitens (Icacinacea por Platyrrhinus lineatus (E. Geoffroy (Chiroptera, Phyllostomidae no Cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ludmilla M. de S. Aguiar

    2005-06-01

    Full Text Available During May, June and July of 2004, the feeding habits of Platyrrhinus lineatus (E. Geoffroy, 1810 were investigated. Each morning food remains (dry oral pellets, seeds, feces and partly eaten foods were collected in two day roosts sites located inside the main building at Embrapa Cerrados. Fruits of Emmotum nitens (Benth. Miers (1852 and leaves of Solanum lycocarpum S. Hil. (1833 were items consumed by P. lineatus. Independent of plant and bat distribution area, the use of Solanum leaves by P. lineatus appears to be common.Durante os meses de maio, junho e julho de 2004, os hábitos alimentares de Platyrrhinus lineatus (E. Geoffroy, 1810 foram investigados. Toda manhã os restos alimentares (pelotas de matéria seca, sementes, fezes e itens parcialmente comidos foram coletados em dois abrigos diurnos localizados dentro das dependências da Embrapa Cerrados. Além de frutos de Emmotum nitens (Benth. Miers (1852, folhas de Solanum lycocarpum S. Hil. (1833 foram consumidas por P. lineatus. Independentemente da área de distribuição, da planta ou do morcego, o uso de folhas de espécies do gênero Solanum por P. lineatus parece ser comum.

  4. Estudio transcriptómico de los mecanismos implicados en la tolerancia inducida por el curado al daño de frío y por el etileno al colapso de la corteza en los frutos cítricos

    OpenAIRE

    Establés Ortiz, Beatriz A.

    2008-01-01

    Muchos productos hortofrutícolas desarrollan 'daños de frío' durante la conservación a temperaturas inferiores a 12-15 ºC. El tratamiento de 'curado' (3 días 37 ºC) previene la aparición de esta alteración en los frutos cítricos cuando se conservan a 2 ºC. En la mandarina 'Fortune', muy susceptible al frío, los daños se manifiestan como un picado y áreas de color pardo en la parte más externa de la corteza (flavedo). Otra de las alteraciones frecuentes en la postcosecha de los frutos cítricos...

  5. beta-caroteno, ácido ascórbico e antocianinas totais em polpa de frutos de aceroleira conservada por congelamento durante 12 meses beta-carotene, ascorbic acid and total antocyanins in fruit pulp of the acerola tree conserved by the cold for 12 months

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paolo Germanno Lima de Araújo

    2007-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar as alterações de b-caroteno, ácido ascórbico e antocianinas totais na polpa de frutos de clones de aceroleira conservada por congelamento. Os frutos dos clones BRS 152 (Sertaneja BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor e II 47/1 foram colhidos no estádio de maturação comercial (vermelho maduro em Limoeiro do Norte, Ceará, Brasil, transportados para a Planta Piloto de Processamento de Frutos da Embrapa Agroindústria Tropical, despolpados, acondicionada a polpa em sacos de polietileno (100 g, congelada, mantida em freezer a -20 °C, e avaliada a cada 30 dias durante 12 meses. O experimento foi realizado em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 13 (clones x tempo, com 3 repetições. A concentração de beta-caroteno foi estável no clone Cereja, enquanto, nos demais, houve decréscimo durante todo o período do experimento. Houve pequeno decréscimo no teor de ácido ascórbico em todos os clones estudados durante o armazenamento, provavelmente devido à alta acidez da polpa, que auxilia na manutenção deste nutriente. O teor de antocianinas totais foi estável nos clones Frutacor e Sertaneja, enquanto nos demais houve diminuição. O clone II 47/1 foi dentre os estudados o que apresentou maiores teores de ácido ascórbico e antocianinas totais, mantendo estas características durante todo o armazenamento. De um modo geral, os clones em que se determinou menor teor de beta-caroteno foram observadas as mais elevadas concentrações de antocianinas totais.The objective of the work was to evaluate b-carotene, ascorbic acid and total anthocyanins alterations in fruit pulp of acerola tree clones conserved by the cold. The fruit clones BRS 152 (Sertaneja, BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor and II 47/1 were harvested in a commercial maturation stage (ripe red in Limoeiro do Norte, Ceará, Brasil, carried to Planta Piloto de

  6. Modelos matemáticos para estimar el crecimiento del fruto de chile manzano (Capsicum pubescens R y P

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P. C. Rojas-Lara

    2008-01-01

    Full Text Available El híbrido intervarietal de chile manzano (Capsicum pubescens R y P Puebla x Zongolica es de alto rendimiento por su volumen, grosor de pericarpio y peso de fruto. El rendimiento se explica principalmente por el tamaño del fruto, siendo recomendable conocer la dinámica del crecimiento del mismo. Normalmente su análisis se realiza por medio de muestreos destructivos, lo que hace imposible utilizar el mismo fruto durante el ciclo de cultivo, además la competencia entre los órganos de la planta disminuye su tamaño y peso, afectando negativamente la calidad y rendimiento. Por lo cual el estudio del crecimiento a través de modelos matemáticos utilizando variables no destructivas permite proponer un manejo adecuado del cultivo. Por esta razón se propuso evaluar e identificar modelos matemáticos que describan el crecimiento del fruto, sin realizar muestreos destructivos. Se evaluaron los modelos: regresión lineal simple, regresión lineal múltiple y cuatro modelos no lineales. Con la hipótesis de que alguno de los seis modelos estudiados, explica eficientemente dicho crecimiento por medio de la variable independiente volumen de agua desplazada. Las plantas de chile se cultivaron bajo un sistema de producción intensivo, en 2004 y 2005. La variable dependiente fue el peso fresco de fruto y las variables independientes fueron: tiempo de crecimiento del fruto, longitud, ancho promedio de los hombros del fruto, volumen de agua desplazada y volumen del mismo. Se encontraron diferencias significativas entre las medias de las variables evaluadas en los dos periodos de muestreo (P<0.05. Los modelos que mejor explican el crecimiento del fruto son: regresión lineal simple (sólo en el 2004 en función del volumen de agua desplazada y el volumen de fruto, el modelo de regresión lineal múltiple describe adecuadamente dicho crecimiento utilizando además de las variables anteriormente mencionadas, el tiempo de crecimiento, la longitud y el ancho

  7. Efectos del ataque de fitófagos perforadores en el fruto de la encina (Quercus rotundifolia Lam.)

    OpenAIRE

    Soria Iglesias, Francisco Javier; Cano Sánchez, Esperanza; Ocete Rubio, María Elvira

    1996-01-01

    En el presente trabajo se realizan pruebas de germinación de frutos de encina (Quercus rotundifolia Lam.) afectadas por los fitófagos Curculio elephas Gyll. (COL., CURCULIONIDAE) y las especies del género Cydia, C. penkleriana (D. & Schiff.) y C. fagiglandana (Zel.) (LER, TORTRICIDAE). También recoge una serie de mediciones del fruto cuya finalidad es valorar los daños directos de estas especies.

  8. Desfolha e posição do fruto em meloeiro cv. Don Luis, cultivado em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline da Silva Bhering

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do número de folhas e da posição de fixação do fruto na planta sobre a produção de biomassa e a qualidade de frutos de meloeiro tipo Cantaloupe. O experimento foi constituído de quatro tratamentos, delineamento inteiramente casualizado, com 15 repetições. Os tratamentos foram: 1 14 folhas/planta, com fruto fixado na posição intermediária da planta; 2 14 folhas/planta, com fruto fixado no alto da planta; 3 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas imediatamente abaixo do fruto; e 4 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas na base da planta. Avaliaram-se: área foliar; área foliar específica; razão de área foliar; dias para colheita; ciclo cultural; diâmetro, comprimento, massa da matéria fresca, espessura do pericarpo, diâmetro da cavidade e teor de sólidos solúveis de fruto; e massa da matéria seca de folhas, caule, pecíolo e fruto. A condução das plantas com maior número de folhas (tratamentos 1 e 2 proporcionou maior área foliar, massa da matéria seca de folhas, massa das matérias fresca e seca de fruto, espessura do pericarpo e sólidos solúveis de fruto, comparado aos tratamentos 3 e 4. Maior área foliar/fruto proporciona frutos com maiores massa, espessura de pericarpo e teor de sólidos solúveis. A fixação do fruto na porção intermediária, comparada à fixação no topo da planta, tem como vantagem o menor ciclo cultural. O meloeiro ajusta a produção de massa dos órgãos à área foliar disponível na planta.

  9. Caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Gabriel Bianchini

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO O cambucizeiro (Campomanesia phaea, pertencente à família Myrtaceae, é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira. A descrição das características dos frutos de cambucizeiro é importante para subsidiar novos trabalhos de melhoramento genético e sua exploração comercial, principalmente no que tange ao processamento dos frutos. O presente trabalho teve como objetivo realizar a caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro. Cinquenta e oito acessos, oriundos de diferentes locais da Mata Atlântica e Serra do Mar paulista, foram coletados, propagados por sementes e um exemplar de cada acesso encontra-se no Núcleo de Produção de Mudas de São Bento do Sapucaí (SP. Quarenta frutos de cada acesso foram coletados no mês de maio e submetidos às seguintes análises: diâmetro longitudinal e transversal, massa fresca total dos frutos, número e massa das sementes, sólidos solúveis totais, % ácido cítrico, ratio, firmeza, vitamina C e coloração. A conformidade dos frutos varia intensamente entre os acessos. O número de sementes não é um bom indicativo para a relação com a massa do fruto, mas sim a massa de mil sementes. Alguns acessos possuem elevado teor de sólidos solúveis, mas, por outro lado, a grande maioria possui frutos com elevada acidez. Cambuci é uma excelente fonte de vitamina C. Os frutos dos acessos são de coloração verde, persistindo uma tonalidade opaca quando maduros.

  10. EVALUACIÓN DEL USO DE ENZIMAS Y FILTRACIÓN POR GRAVEDAD PARA LA CLARIFICACIÓN DE UNA MEZCLA DILUIDA DE PULPA DE FRUTOS DE CACTUS (OPUNTIA BOLDINGHII BRITTON & ROSE, JUGOS DE NARANJA Y TORONJA EVALUATION OF THE USE OF ENZYMES AND GRAVITY FILTRATION FOR CLARIFICATION OF DILUTED MIXTURE OF CACTUS (OPUNTIA BOLDINGHII BRITTON & ROSE FRUITS PULP, ORANGE AND GRAPEFRUIT JUICES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Padrón Pereira

    2010-06-01

    Full Text Available En Venezuela los frutos de cactus (Opuntia boldinguii son de escasa utilidad comercial. Para su aprovechamiento se evaluó el efecto del uso combinado de enzimas fibrolíticas y filtración por gravedad en la clarificación de una mezcla diluida de pulpa de frutos de cactus, jugos de naranja y toronja. Se compararon los valores de las curvas de flujo de filtrado de las mezclas hidrolizada y sin hidrolizar mediante la prueba t de Welch. La concentración óptima de enzimas fue 0,76% (v/v. La hidrólisis enzimática previa a la pasteurización no afectó el color de la mezcla. Durante los ensayos de pasteurización (62 ± 1 ºC por 30 min hubo grandes cambios de coloración, solo en la mezcla hidrolizada, por degradación de las betalaínas y la adición de ácido ascórbico (0,5% p/v permitió preservar el color. Hubo diferencias altamente significativas entre los valores de las curvas de flujo de filtrado (PIn Venezuela the fruits of cactus (Opuntia boldinguii are of scarce commercial usefulness. For its utilization the effect of combined use of fibrolytic enzymes and gravity filtration for clarification of diluted mixture of cactus fruits pulp, orange and grapefruit juices was evaluated. The values of filtered-flow curves of hydrolyzed and not hydrolyzed mixtures were compared by means of Welch’s t-test. The optimal enzymes concentration was 0.76% (v/v. The prior enzymatic hydrolysis to the pasteurization does not affect the color of the mixture. During the pasteurization assays (62 ± 1 ºC for 30 min there were large changes of coloring, only in the hydrolyzed mixture, by betalains degradation and the addition of ascorbic acid (0.5% w/v permitted to preserve the color. There were highly significant differences between the filtered-flow curves values (P<0.01. The filtered-flow of the hydrolyzed mixture elapsed 110 min (0.159 mL·min-1 was greater to the not hydrolyzed mixture (control flow to the 8 min (0.100 mL·min-1. The juice production

  11. Estudo da Secagem de Frutos Tropicais do Nordeste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucas de Souza Barbosa

    2014-06-01

    Full Text Available A fruticultura é um dos segmentos mais importantes na agricultura nacional, porém um grande problema enfrentado pelos fruticultores é a conservação dos frutos maduros. As frutas tropicais caracterizam-se pelo fato de ser sazonais, com produção restrita a determinadas épocas do ano, podendo se verificar o aparente fenômeno da super produção, isto é, a quantidade oferecida na safra é maior do que a quantidade absorvida pelo mercado consumidor. A falta de tecnologias adequadas para o melhor aproveitamento dos frutos tem contribuído para um alto índice de desperdício cerca de centenas de toneladas ano. A desidratação de frutas vem sendo objeto de muitas pesquisas com o propósito de se obter técnicas que proporcionem, além de baixo custo, a manutenção da qualidade dos produtos desidratados. Neste sentido o presente trabalho objetivou o estudo da secagem convencional dos frutos tropicais (banana, abacaxi, manga e caju visando à obtenção dos frutos desidratados e a sua caracterização físico-química. Após a obtenção das amostras essas foram submetidas à secagem convencional e posteriormente realizado às analises de pH, sólidos solúveis, acidez total titulável, vitamina C e açúcares totais no Laboratório de Tecnologia de Alimentos da UFERSA e UFCG. De acordo com os resultados obtidos, os frutos desidratados apresentaram teores de nutrientes próximos aos relatados na literatura demonstrando que a secagem é uma excelente alternativa para a sua conservação, contribuindo assim para redução das perdas pós-colheita e com a agregação de valor ao produto seco.

  12. Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lima Alves Pôrto

    2012-01-01

    Full Text Available Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1, com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (p<0,01 pelas doses de N. Os valores máximos do número de frutos por planta (7,7 unidades, massa média de frutos (240 g fruto-1 e produtividade de frutos (29,88 t ha-1 foram obtidos com 323, 265 e 331 kg ha-1 de N, respectivamente. A dose de máxima eficiência econômica de N para a cultura da abobrinha foi de 322 kg ha-1, resultando em uma produtividade de frutos de 29,86 t ha-1. O teor de nitrato nos frutos proporcionou incremento linear em função das doses de N verificando-se, com a dose máxima, o teor na matéria fresca de fruto de 162 mg kg-1 de nitrato, valor que não representa risco para saúde humana.

  13. Utilização de frutos de cactos (Cactaceae como recurso alimentar por vespas sociais (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae em uma área de caatinga (Ipirá, Bahia, Brasil The use of cactus fruit food resources by social wasp (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae in an area of Caatinga (lpirá, Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto M. M. Santos

    2007-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo identificar as espécies utilizadas como recurso alimentar e descrever os padrões locais de utilização de frutos de cactos como recurso alimentar por vespas sociais em uma área de Caatinga. Novecentos e oito indivíduos de nove espécies de vespas foram capturados visitando seis espécies de cactáceas. Cereus jamacaru DC. e Pilosocereus catingicola (Gurke Byles & G.D foram as cactáceas mais utilizadas por vespas sociais, tanto em número de espécies quanto de indivíduos. Polybia paulista von Ihering, 1896, Polybia ignobilis (Haliday, 1836, Polistes versicolor (Olivier, 1791, Polistes simillimus Zikán, 1951, Polistes billardieri Fabricius, 1804, Polistes canadensis (Linnaeus, 1758, Polybia occidentalis (Olivier, 1791 e Polybia sericea (Olivier, 1705 apresentaram as maiores amplitudes de nicho trófico. As maiores sobreposições no nicho trófico foram observadas entre Mischocyttarus lanei Zikán, 1949 e Polistes simillimus Zikán, 1951 (0,83. Os altos níveis de sobreposição de nichos observados são explicados em função do comportamento generalista das vespas sociais, bem como da exploração intensiva de poucas espécies de cactáceas.This study aims to identify food resource plants used by social wasp species in a Caatinga area, as well as describe the local patterns of cactus fruit resources used by wasps. Nine hundreds and eight foraging wasps, belonging to nine species, were captured while visiting six cactus species. Cereus jamacaru DC. and Pilosocereus catingicola (Gurke Byles & G.D. were the most frequently visited plants. Several wasp species and a great number of individuals visited them. Polybia paulista von Ihering, 1896, Polybia ignobilis (Haliday, 1836, Polistes versicolor (Olivier, 1791, Polistes simillimus Zikán, 1951, Polistes billardieri Fabricius, 1804, Polistes canadensis (Linnaeus, 1758, Polybia occidentalis (Olivier, 1791 and Polybia sericea (Olivier, 1705 had the larger trophic

  14. PODA DE RAMAS MIXTAS Y RALEO DE FRUTOS: PRÁCTICAS CULTURALES INDEPENDIENTES EN DURAZNO 'VICTORIA'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. A. Zegbe-Domínguez

    2007-01-01

    Full Text Available El durazno requiere de la poda (en particular, el despunte de las ramas mixtas, DRM y el raleo de frutos (RF para una producción comercial de fruta. En la estación de crecimiento del 2004-05, se estudió la interacción entre DRM y RF en durazno cultivar 'Victoria' sobre el rendimiento, distribución de la fruta por tamaños, calidad del fruto, crecimiento de fruto y brote, además del peso especifico de la hoja. El experimento se llevó a cabo en el Campo Experimental Zacatecas con árboles de 20 años e injertados en patrones francos. Los factores estudiados fueron: el DRM y el RF, ambos factores con dos niveles; sin y con DRM y sin y con RF. El análisis estadístico no detectó interacción significativa (P 5.1 cm con relación a árboles testigo (sin DRM. El crecimiento del fruto y la longitud de brote fueron significativamente (P<0.05 mayores en comparación con los árboles testigo, pero tanto el rendimiento como la eficiencia productiva fueron reducidos (P<0.05 cuando se aplicó el DRM. El peso medio del fruto, el mesocarpio y el endocarpio fue significativamente mayor en frutos con DRM. Sin embargo, la firmeza, concentración de sólidos solubles totales, concentración de materia seca del fruto y el peso específico de hoja fue estadísticamente (P<0.05 igual entre frutos sin y con DRM. Los resultados sugieren que el durazno 'Victoria' puede prescindir del raleo de frutos, y por consiguiente, esto reduciría costos de producción. Ambos factores merecen ser estudiados en otros cultivares de durazno cuyas estructuras reproductivas tengan mayor habilidad en la utilización de foto asimilados.

  15. Atividade antioxidante de frutos de quatro cultivares de pessegueiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Mendes dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available Esforços são empregados para identificar plantas com teores de antioxidantes que conferem benefícios à saúde. A capacidade antioxidante do pêssego deve-se aos compostos fenólicos, vitamina C e carotenoides. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quatro cultivares de pessegueiro (Aurora, Biuti, Diamante e Douradão em relação à capacidade antioxidante, determinando o teor dos compostos antioxidantes relacionados a essa atividade. Os frutos foram separados em dois grupos: sem armazenamento e armazenados por cinco dias à temperatura ambiente. Foram determinados os teores de vitamina C, carotenoides, compostos fenólicos e a capacidade antioxidante, pelos métodos DPPH e β-caroteno/ácido linoleico. As quatro cultivares mostraram-se ricas em substâncias antioxidantes, porém a intensidade dessa ação foi diferenciada entre elas. A cultivar Biuti apresentou maior teor das substâncias analisadas e maior atividade antioxidante em relação às outras cultivares. Foi observado que o potencial antioxidante dos frutos de pêssego aumentou durante o período de armazenamento.

  16. Avaliação microscópica da endogenia microbiana em reatores UASB concêntricos, tratando água residuária do processamento dos frutos do cafeeiro por via úmida - doi: 10.4025/actascitechnol.v33i2.8291

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Júlia Ferreira da Silva

    2011-04-01

    Full Text Available Com a utilização de duas técnicas de microscopia, eletrônica de varredura (MEV e de epifluorescência, objetivou-se investigar o processo de endogenia da biomassa presente em reatores de manta de lodo e fluxo ascendente (UASB, do inglês upflow anaerobic sludge blancket. Dois reatores UASB concêntricos, funcionando em série, inseridos em um sistema-piloto de tratamento de águas residuárias do processamento dos frutos do cafeeiro por via úmida, foram monitorados quanto aos parâmetros físico-químicos e microbiológicos. Os reatores UASB operaram em campo, com oscilação de temperatura ambiente entre 16,5 e 38,8°C; as temperaturas do afluente e efluente dos reatores variaram de 16,3 a 27,3°C, respectivamente. Os dados iniciais obtidos para a demanda química de oxigênio (DQO foram de 1.349 e 1.173 mg L-1, sendo, ao final do monitoramento atingido os valores de 120 e 102 mg L-1 para os reatores 1 e 2, respectivamente. Concluiu-se que a microscopia aplicada ao perfil de sólidos dos reatores é muito importante e deve ser empregada como parâmetro de qualificação do lodo cultivado em reatores UASB, especialmente quando do decaimento bacteriano.

  17. Análise de trilha em caracteres de frutos de jabuticabeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Padilha Salla

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar os efeitos diretos e indiretos de caracteres dos frutos de jabuticabeira (Plinia cauliflora sobre o rendimento de polpa e o teor de antocianinas na casca. Foram coletados frutos de 36 jabuticabeiras, em cinco locais de ocorrência, na região Sudoeste do Paraná. Diferentes estratégias de análise de trilha foram utilizadas na avaliação dos seguintes caracteres dos frutos: peso e diâmetro; rendimento de polpa; percentual de sementes e casca; teores de sólidos solúveis totais, acidez titulável, antocianinas e flavonoides; e número de sementes por fruto. A estratégia de análise de trilha com regressão em crista teve melhor desempenho que a de análise com exclusão de caracteres, principalmente sob presença de multicolinearidade severa no conjunto de dados. O percentual de polpa e o teor de sólidos solúveis totais podem servir de critérios de seleção indireta no aumento do teor de antocianinas na casca da jabuticaba. O percentual de casca é a principal característica com efeito determinante no percentual de polpa de jabuticabas, e a seleção indireta para frutos com menor quantidade de casca pode ser eficaz para aumentar o rendimento de polpa.

  18. GROSOR DEL FRUTO DE LA ÚLTIMA Y SEGUNDA MANO COMO CRITERIO DE COSECHA EN BANANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas-Calvo

    2012-01-01

    Full Text Available Grosor del fruto de la última y segunda mano como criterio de cosecha en banano. El objetivo de este trabajo fue determinar la relación entre el grosor del fruto central de las manos última y segunda, como criterio de cosecha en el banano. Las mediciones se efectuaron semanalmente (mm de la segunda a la décima semana después de la fl oración y fueron transformadas a treintaidosavos de pulgada (tdp donde 1 tdp= 0,7914 mm, para la generación de ecuaciones de regresión para ambas manos, considerando, o ignorando, el tamaño del racimo. El grosor del fruto central de la última mano fue estimado a partir del grosor del fruto central de la segunda mano, y viceversa para el grosor del fruto de la segunda mano. Los valores de grosor del fruto central de la última mano (valores Y obtenidos aplicando los grosores mínimos preestablecidos de cosecha para el fruto central de la segunda mano (valores x: 43; 44 y 45 tdp fueron superiores a 40 tdp, independientemente del tamaño del racimo, e inclusive superó en la mayoría de las veces, a 41 tdp. Inversamente, aplicando los valores mínimos de grosor de la última mano, predefi nidos para la cosecha (valores x: 39; 40 y 41 tdp, se obtuvieron valores de grosor del fruto central de la segunda mano (valores Y, que no superaron el valor de 43 tdp excepto para x=41 en los racimos de siete a nueve manos. Los racimos cosechados con la exigencia mínima de empaque aplicada para la última mano, tuvieron menos peso, por estar conformados de frutos con menor grosor, que aquellos que se cosecharían mediante la medición en la segunda mano.

  19. BIORREGULADORES NA MORFOLOGIA E NA PRODUTIVIDADE DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTINS MARIA BERNARDETE GONÇALVES

    1997-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como finalidade observar aspectos morfológicos dos frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. cv. Ângela Gigante, submetidos à ação de biorreguladores, com ou sem adubação adicional, e determinar as possíveis alterações na produtividade. Foram desenvolvidos, em casa de vegetação, em épocas distintas, dois ensaios. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação. Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas definitivas, realizaram-se as pulverizações com GA3 50 mg/L; NAA 100 mg/L; CCC 1.500 mg/L e SADH 3.000 mg/L. Realizaram-se, nos dois ensaios, quatro coletas de frutos maduros por planta. De modo geral, para o primeiro, o tratamento com CCC mostrou tendência em aumentar o número e a massa total de frutos por planta em relação à testemunha e aos demais tratamentos, enquanto o tratamento com NAA obteve efeito contrário. O ensaio com fertirrigação adicional não provocou alterações significativas na produção de frutos; no entanto, no tratamento com SADH, ocorreu maior incidência de anomalias. O tratamento com GA3 ocasionou, em alguns frutos, a maturação precoce da placenta em relação ao pericarpo e eventuais formações de frutos geminados. Não se observaram diferenças morfológicas significativas em relação ao comprimento e ao diâmetro médio de frutos provenientes do primeiro ensaio, porém frutos de plantas tratadas com CCC e de plantas testemunha, provindos do segundo ensaio, mostraram maior diâmetro.

  20. Concentração eficiente e econômica de caulim para a proteção de algodoeiro contra o bicudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lígia Aureliano de Lima e Silva

    2015-09-01

    Full Text Available Resumo:O objetivo deste trabalho foi determinar a concentração de caulim mais eficiente e econômica para a proteção de algodoeiro contra os danos causados pelo bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco tratamentos de pulverizações com caulim nas concentrações: 20, 40, 60, 80 e 100 g L-1. Determinaram-se os seguintes parâmetros: percentagem de botões florais com orifícios de oviposição por fêmeas do bicudo; resíduos de caulim depositados sobre as folhas e as brácteas do algodoeiro; média da produção; e receita líquida do algodão, por hectare, a partir da pesagem da pluma de algodão com caroço. As percentagens de botões florais com orifício de oviposição variaram de 13,6 a 30,8%; o resíduo médio de caulim depositado nas folhas, de 0,0010 a 0,0034 mg mm-2, e nas brácteas, de 0,0010 a 0,0034 mg mm-2; a produção variou de 348,1 a 717,8 kg ha-1; e a receita líquida de algodão de R$ 1.033,88 a R$ 2.098,86 por hectare. As concentrações de caulim mais eficientes para a proteção de algodoeiro contra o bicudo são as de 60, 80 e 100 g L-1; no entanto, a de 60 g L-1foi a mais econômica.

  1. Fruto de naidi (Euterpe oleracea y su perspectiva en la seguridad alimentaria colombiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Patricia Montenegro-Gómez

    2015-01-01

    Full Text Available Euterpe oleracea es una palma originaria de Suramérica, su distribución es netamente tropical y subtropical. Su fruto es altamente aprove - chado en Brasil, donde se conoce como açai. Comercializado tanto dentro como fuera del país, sus niveles de exportación han aumentado debido a resultados científicos que indican altas propiedades antioxidantes y nutritivas. Es considerado alimento funcional y de impor - tancia en el sostenimiento de la seguridad alimentaria. En Colombia, E. oleracea hace presencia en la región pacífica, principalmente en valles medios de los ríos Atrato y Magdalena, su fruto conocido como naidí se aprovecha en los departamentos de Nariño, Cauca, Valle del Cauca y Chocó. Habitantes del Pacífico valoran su fruto por sus cualidades nutritivas y por ser fuente de ingresos para muchas familias que comercializan en mercados locales. Su aprovechamiento se ve afectado debido a que las cosechas abundantes se dan solamente en dos épocas del año, originando priorización por el aprovechamiento del palmito (cogollo sobre el fruto, comprometiéndose el uso sustentable del recurso y la seguridad alimentaria, ya que la extracción de palmito, primero afecta la fructificación, y segundo no favorece la economía de la región, porque su explotación la hacen empresas extranjeras exportadoras. Por lo tanto, este recurso fitogenético requiere atención de entes gubernamentales e instituciones que contribuyan en el fortalecimiento de la comercialización del fruto teniendo como base sus bondades nutritivas y saludables.

  2. Tolerância de frutos de pessegueiro a geadas Fruit frost tolerance in peach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Paulo Assmann

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância de frutos de pessegueiro aos danos ocasionados pela geada. A geada ocorreu no dia 5 de setembro de 2006, sendo que a temperatura mínima, a 1,5 m do solo, foi de - 1,06ºC. Foram avaliados 28 genótipos de pessegueiro em diferentes estádios fenológicos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três repetições (plantas de pessegueiro, procedendo-se à avaliação em seis ramos por planta. No dia em que ocorreu a geada, foram mensurados o número de frutos por ramo, diâmetro sutural médio dos frutos, número total de gemas vegetativas, percentual de brotação e percentual de brindilas formadas a partir das gemas brotadas. Uma segunda avaliação foi realizada 15 dias após a primeira, para avaliar o percentual de queda de frutos e o diâmetro sutural médio dos frutos remanescentes. Genótipos bem enfolhados e cujos frutos apresentavam endocarpo endurecido, no momento da ocorrência da geada, foram tolerantes ao dano ocasionado pelo frio; frutos com diâmetro sutural inferior a 20 mm foram suscetíveis à geada, enquanto frutos com diâmetro sutural superior a 30 mm apresentaram boa tolerância, independentemente do genótipo avaliado.The aim of this work was to evaluate the fruit damage tolerance in different peach tree genotypes after natural freeze. The frost happened on September 5, 2006, and the minimum temperature, 1.5 meters over soil, was -1.06ºC. Twenty- eight peach tree genotypes, in different stages of development, were evaluated, in a completely random design, in three replication (plants and six branches by plants. Immediately after frost, we measured the number of fruits per branches, average fruit suture diameter, percentage of sprouts and percentage of twigs in formation. A second evaluation was accomplished fifteen days after the first one in order to assess the percentage of fruit drop and the average remaining fruit suture diameter. Genotypes

  3. ETIQUETAS DE SECUENCIAS EXPRESADAS DIFERENCIALES DE FRUTOS DE AGUACATE RAZA MEXICANA (Persea americana Mill. var. drymifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Enrique Ignacio Sánchez-González

    2018-02-01

    Full Text Available RESUMEN En este estudio se desarrollaron e identificaron etiquetas de secuencias expresadas diferencialmente (ESTs de frutos inmaduros de Persea americana Mill. var. drymifolia del estado de Nuevo León, México. Diez genotipos con frutos de forma y tamaño diferentes fueron seleccionados para generar ESTs por la técnica de despliegue diferencial.Se obtuvieron en total 393 fragmentos diferenciales amplificados, 82 fragmentos diferenciales fueron secuenciados y editados para identificación y comparación en las bases de datos para nucleótidos y proteínas del NCBI. Cuarenta secuencias mostraron similitud significativa con secuencias de ARNm y/o secuencias de proteínas hipotéticas o predichas pertenecientes a P. americana y/o a otros géneros. Algunas secuencias estuvieron relacionadas a enzimas como flavanona-3-hidroxilasa (F3H, lecitina-colesterol aciltransferasa, glutatión-S-transferasamicrosomal y proteína pleiotrópica de resistencia a drogas. Con la información de la composición nucleotídica de las ESTs se podrán diseñar iniciadores para cuantificar niveles de expresión por RT-PCR en tiempo real de los genes, en diferentes etapas fenológicas del fruto y hacer comparaciones entre los genotipos que permitan determinar usos alternos de sus frutos.

  4. Efecto de la aplicación de bioactivadores y del raleo manual de frutos sobre el rendimiento y la calidad de melón (Cucumis melo L .) bajo cultivo protegido en Costa Rica

    OpenAIRE

    Alvarado-Sánchez, Tania; Monge-Pérez, José Eladio

    2015-01-01

    ResumenSe evaluó el efecto del raleo manual de frutos y de la aplicación de los bioactivadores Algamix y Engordone sobreel rendimiento y la calidad del melón amarillo var. JMX-902. No se encontraron diferencias significativas con respecto a la firmeza del fruto, concentración de sólidos solubles totales, peso del fruto, rendimiento total, peso del fruto comercializable, rendimiento comercializable, y rendimiento por planta. Se encontraron diferencias significativas entre los tratamientos para...

  5. Effect of temperature on the reproduction of Bracon vulgaris Ashmead (Hymenoptera: Braconidae, a parasitoid of the cotton boll weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco S. Ramalho

    2011-09-01

    Full Text Available This research studied the effect of temperature on the reproduction of Bracon vulgaris Ashmead, an ectoparasitoid of cotton boll weevil ( Anthonomus grandis Boheman at constant temperatures of 20, 25 and 30ºC, 70 ± 10% RH and a photophase of 14 h. Females of the parasitoid produced a greater number of eggs when exposed to 25ºC (124.65 eggs in relation to those exposed to 20 (43.40 eggs and 30ºC (49.60 eggs. The number of parasitized larvae per female of B. vulgaris at 25ºC (71.75 was greater than at 20ºC (31.40 and 30ºC (25.15. The daily intrinsic rates of increase (r m were - 0.007 at 20ºC, 0.07 at 25ºC and 0.03 at 30ºC, revealing that the temperature of 25ºC produced increases of 1,100 and 133% in the value r m in relation to temperatures of 20 and 30ºC, respectively. In programs of biological control of the boll weevil using innoculative releases, adult females of B. vulgaris with approximately five (at 25 or 30ºC or 20 day old (at 20ºC should be used; when using innundative releases, adult females of B. vulgaris , with ages between 11 and 31; 9 and 29 or 3 and 14 days, respectively, at 20, 25 or 30ºC should be used.Estudamos os efeitos da temperatura na reprodução de Bracon vulgaris Ashmead, ectoparasitóide do bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman, em câmaras climatizadas, em temperaturas constantes de 20, 25 and 30ºC, umidade relativa do ar de 70 ± 10% e fotofase de 14 h. As fêmeas do parasitóide produziram mais ovos a 25ºC (124,65 ovos do que aquelas expostas a 20 (43,40 ovos e a 30ºC (49,60 ovos. O número médio de larvas parasitadas por fêmea de B. vulgaris a 25ºC(71,75 larvas foi maior do que a 20ºC (31,40 larvas e 30ºC (25,15 larvas. As taxas diárias de aumento (r m foram -0,007 a 20ºC, 0,07 a 25ºC e 0,03 a 30ºC, indicando que a temperatura de 25ºC produziu aumento de 1100 e 133% no valor de r m em relação às temperaturas de 20 e 30ºC, respectivamente. Nos programas de controle biol

  6. Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octavio Rubén Salazar Moya

    2012-02-01

    Full Text Available La última fase del desarrollo floral es la fertilización de los óvulos y la formación de los frutos,que son muy importantes tanto biológica como económicamente. Notoriamente, más del 80% de los alimentos que son consumidos por el ser humano proviene de flores y frutos.La obtención de conocimientos acerca de las bases moleculares del desarrollo de frutos en especies modelo es de gran interés científico, y un paso indispensable para poder facilitar investigaciones y de ser factible, aplicaciones en frutos de consumo humano. Especialmente en un país como México, con tal riqueza en la diversidad de frutos, este tipo de estudios es necesario y científicamente muy interesante, y tiene repercusiones económicas potenciales importantes. La meta del laboratorio es descubrir genes nuevos involucrados en el desarrollo de frutos, empleando los recursos que brindan plantas modelo como Arabidopsisthaliana. Se hace un enfoque especial en genes que afectan la identidad celular, morfología y que causan partenocarpia (frutos carentes de semillas, para más tarde estudiarlos enotras especies y hacer ensayos para conocer sus alcances en dichas especies.The last stages of fl oral development are ovule fertilization and fruit formation. Fruits are very important both biologically and economically. Notably, more than 80% of human food is obtained from flowers and fruits. Gathering basic knowledge about the molecular mechanisms of fruit development from model species is of great scientific interest, and is an essential step to facilitate research and, when feasible, applications in fruits consumed by humans. Especially in countries like Mexico, which has such a great diversity of fruits, this kind of research is both necessary and scientifically interesting, and has potentially important economic repercussions. The goal of the lab is to discover new genes that are involved inflower development, making use of the resources provided by model plants like

  7. PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS HÍBRIDOS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO NO NORTE DO PARANÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RICARDO SFEIR AGUIAR

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO Atualmente, encontram-se quatorze cultivares de maracujazeiro-amarelo no Registro Nacional de Cultivares do Ministério da Agricultura. É de grande importância o aprimoramento de trabalhos de melhoramento genético nessa cultura, para favorecer a disponibilização de novas cultivares adaptadas às regiões produtoras. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e as características qualitativas dos frutos de treze híbridos de maracujazeiro-amarelo cultivados no norte do Paraná. As avaliações foram realizadas durante dois ciclos de produção da cultura, de abril a julho de 2009 e de janeiro a julho de 2010, com coletas semanais dos frutos maduros. A produção foi determinada por meio da pesagem dos frutos colhidos e do número de frutos por planta. Para as características qualitativas, foram avaliados: massa, comprimento, diâmetro, relação entre comprimento e diâmetro dos frutos, espessura da casca, rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/ATT . Os híbridos ‘66’ e ‘65’ apresentaram, respectivamente, maior produção e maior número de frutos no acumulado das duas safras. Os frutos do híbrido ‘72’ destacaram-se no atendimento das características desejáveis de qualidade para o consumo in natura, enquanto o híbrido ‘69’ apresentou caracteristicas importantes para a indústria de suco.

  8. Detección de impactos con frutos electrónicos

    OpenAIRE

    Jaren Ceballos, Carmen; Anderson, George; Ruiz-Altisent, Margarita; Muir, Andrew

    1992-01-01

    Cada vez que los frutos y hortalizas se manipulan, se producen daños y, por tanto, pérdidas de calidad y pérdidas económicas. Los productos Electrónicos Simulados SEP miden y registran las fuerzas que intervienen en estos procesos. Por ello, se pueden utilizare para localizar los puntos que causan daños en las cosechadoras y en las líneas de manipulación. De esta manera, se pueden hacer las modificaciones oportunas para eliminar los daños por impactos en frutas y hortalizas. En este artículo ...

  9. Efecto de la aplicación de bioactivadores y del raleo manual de frutos sobre el rendimiento y la calidad de melón (Cucumis melo L. bajo cultivo protegido en Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Alvarado-Sánchez

    2015-12-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto del raleo manual de frutos y de la aplicación de los bioactivadores Algamix y Engordone sobre el rendimiento y la calidad del melón amarillo var. JMX-902. No se encontraron diferencias significativas con respecto a la firmeza del fruto, concentración de sólidos solubles totales, peso del fruto, rendimiento total, peso del fruto comercializable, rendimiento comercializable, y rendimiento por planta. Se encontraron diferencias significativas entre los tratamientos para el número de frutos por planta; las plantas tratadas con solo Engordone y solo Algamix presentaron mayor número de frutos por planta con respecto a otros tratamientos, pero estos resultados no fueron distintos de los del Testigo. Se encontraron diferencias significativas al distribuir la producción según distintas categorías de peso; el rendimiento de frutos de melón con un peso de entre 601-800 gramos fue superior en plantas tratadas con solo Algamix respecto a los demás tratamientos; el rendimiento de frutos de melón con un peso de entre 801-1000 gramos fue superior en plantas tratadas con solo Engordone respecto a los demás tratamientos.

  10. EVALUACIÓN DE DENSIDADES DE SIEMBRA EN Solanum sessiliflorum dunal “COCONA” Y SU EFECTO EN EL RENDIMIENTO DE FRUTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Gonzales Vega

    2012-12-01

    Full Text Available La cocona es una especie vegetal nativa de América Tropical, cuyos frutos maduros son ricos en hierro, vitamina B5 (Niacina, se utilizan en la preparación de jugos, refrescos, jarabes y ensaladas. El estudio se realizó en el Campo Experimental “El Dorado” de Estación Experimental San Roque, del INIA Loreto con el objetivo principal de determinar el mejor distanciamiento para establecer plantaciones comerciales de Solanum sessiliflorum dunal “Cocona”, en condiciones de suelos no inundables o de altura. Se evaluaron cuatro densidades de siembra 2,0m x 2,0m; 1,5m x 1,5m, 2,0m x 1,0 y 1,5m x 1,0m. Las variables evaluadas fueron el número de frutos, peso de frutos y rendimiento de frutos por cada tratamiento en estudio, el diseño experimental utilizado fue Bloques Completos al Azar (DBCA, con cuatro repeticiones, los datos fueron analizados mediante el Análisis de Variancia y Prueba Estadística de Tukey, usando el software SPSS, versión 10. De los resultados Obtenidos se determinó que la densidad 1,5m x 1,0m (6 666 plantas/ha, produjo el mejor rendimiento con 14 600 kg/ha de fruto, superando significativamente a los tratamientos 2m x 1,0, 1,5m x 1,5m y 2,0 x 2,0m, que alcanzaron rendimientos de fruto de 12020, 11 330 y 10 570 kg/ha, respectivamente. Se concluye que la densidad de siembra influye en el rendimiento de fruto, así a menor número de plantas, mayor número y peso de fruto por planta se obtiene un menor rendimiento de fruto/ha.

  11. Comportamiento del fruto de uchuva Physalis peruviana L., bajo diferentes temperaturas de almacenamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elberth Hernando Pinzón

    2015-12-01

    Full Text Available El fruto de la uchuva Physalis peruviana L. es muy apetecido en los mercados internacionales, por sus características nutracéuticas; sin embargo, por ser un fruto climatérico, los procesos de maduración se dan de forma acelerada disminuyendo considerablemente su vida poscosecha. Teniendo en cuenta lo anterior se han desarrollado diferentes técnicas que permiten desacelerar los procesos normales de maduración, entre las que se encuentran, la modificación de atmósferas o el almacenamiento a diferentes temperaturas, siendo éste último, muy utilizado por la facilidad de manejo y bajo costo. Por lo anterior, se evaluó el comportamiento del fruto de uchuva ecotipo Colombia sometido a diferentes temperaturas de almacenamiento, a los que se les evaluó la pérdida de masa fresca, índice de color, firmeza, sólidos solubles totales y acidez total. Se presentaron diferencias significativas para todas las variables evaluadas entre los tratamientos bajo refrigeración y el testigo. La temperatura de almacenamiento, influyó sobre todas las características físicas y químicas evaluadas de manera satisfactoria, ya que luego de 18 días después de almacenamiento los frutos refrigerados conservaron su calidad, siendo favorable para su comercialización; sin embargo, se espera en estudios futuros realizar pruebas de vida en anaquel que permitan descartar fisiopatías que afecten la presentación del producto así como su consumo.

  12. Descripción morfológica y nutricional del fruto de Rambutan (nephelium lappaceum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas

    2003-01-01

    Full Text Available El estudio se realizó con los cultivares de rambután (Nepheliun lappaceum R- 134, R-162, R-167, Jitlee y Rongrien. La totalidad de los cultivares presentaron frutos ovalados de color rojo intenso y con espinas que cambiaron a dicho color una vez que la totalidad de la cáscara lo hubiera hecho. El peso del fruto (32,7 a 37,3 g, el porcentaje de pulpa en el fruto (40,8 a 51,9%, el porcentaje de grados Brix (18,3 a 18,6 y la fácil y total remoci ón entre la pulpa y la semilla, estuvieron en concordancia con los requerimientos para su uso como fruta fresca exportable o enlatable. El N fue el nutrimento más abundante en el fruto (77 a 87 mg, seguido en orden decreciente por el K (63 a 81 mg, el Ca (22 a 31 mg, el P (11 a 13 mg el Mg (9 a 13 mg, y el S (4 a 6 mg. Los contenidos de Fe, Cu, Zn, Mn y B ocurrieron en menor magnitud (menos de 0,38 mg .

  13. Modelagem matemática da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Dias Araujo

    Full Text Available RESUMO Este trabalho teve por objetivo ajustar modelos matemáticos aos dados experimentais da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada, submetidos a diferentes temperaturas do ar de secagem. Foram utilizados frutos de amendoim da cultivar IAC 505. Os frutos de amendoim foram submetidos à secagem em estufa de ventilação forçada com diferentes níveis de temperatura (40; 50; 60 e 70 ºC. Aos dados experimentais foram ajustados dez modelos matemáticos tradicionalmente utilizados para representação da cinética de secagem em camada delgada. Baseado nos resultados encontrados, conclui-se que dentre os modelos ajustados aos dados experimentais, o modelo de Page foi o escolhido para representar o fenômeno de secagem em camada delgada dos frutos de amendoim. O coeficiente de difusão efetivo aumenta com a elevação da temperatura, e a sua relação com a temperatura de secagem pode ser descrita pela equação de Arrhenius. As propriedades termodinâmicas entalpia e entropia tiveram seus valores reduzidos com aumento da temperatura do ar de secagem, enquanto que os valores da energia livre de Gibbs aumentam com o aumento da temperatura.

  14. Determinação da qualidade e do teor de sólidos solúveis nas diferentes partes do fruto da pinheira (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SILVA JAEVESON DA

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar algumas características qualitativas e estimar o teor de sólidos solúveis (TSS nas porções basal (ligada ao pedúnculo, mediana e apical do fruto da pinheira. Para a estimação desse teor, três pinhas de cada uma de dez árvores, de pomares localizados em Mossoró-RN e Aracati-CE, com idade entre seis e oito anos, foram utilizadas. As árvores foram consideradas repetições (blocos, os frutos foram considerados parcelas e as porções dos frutos, subparcelas. Três frutos de cada árvore foram descascados e divididos em três porções aproximadamente iguais, da base para o ápice. O material foi triturado e filtrado. No suco obtido, foram feitas três leituras em um refratômetro. A média destas três leituras representou o valor de cada subparcela. A análise de variância conjunta indicou efeitos de locais, blocos em locais, porções e da interação locais x frutos x porções. O peso do fruto variou de 226 a 418 g e o rendimento de polpa, de 45 a 54 %. O TSS na porção basal (26,49 % foi inferior aos teores das porções mediana (28,02 % e apical (27,53 %, mas não diferiu significativamente daquele da porção apical.

  15. Previsão do número de frutos a partir da quantidade de estruturas reprodutivas em laranjeiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Glauco de Souza Rolim

    2008-03-01

    Full Text Available O trabalho buscou testar a hipótese de que o número final de frutos (nº/m³ depende da quantidade de botões florais, flores e/ou chumbinhos que ocorreram previamente. Esta hipótese baseia-se na premissa de que a planta integraliza as condições edafoclimáticas disponíveis para seu crescimento e desenvolvimento. A hipótese foi testada em laranjeira "Valência" (Citrus sinensis (L. Osbeck. enxertada em: tangerineira "Cleópatra" (VCL (Citrus reshni Hort. ex Tan. e limoeiro "Cravo" (VCR (Citrus limonia Osbeck. Foram avaliadas as seguintes relações entre as estruturas reprodutivas: Frutos= f(Chumbinhos; Frutos= f(Flores; Frutos= f(Botões; como também Flores= f(Botões, e Chumbinhos= f(Flores; além de Frutos= f(flores do lado noroeste para a VCL, e Frutos= f(botões do lado noroeste para VCR sugeridos por análise de cluster. As avaliações do número de estruturas reprodutivas foram realizadas nos quatro pontos cardeais da copa (1m³/setor. Devido aos elevados valores de R², índice de concordância (d e relativos baixos erros absolutos percentuais médios (EAPM, resultantes de regressão exponencial, em relação a: Flores = f(botões (R²=0,85 e R²=0,82; d= 0,95 e d= 0,95; EAPM= 15,2% e EAPM= 19,1%, para VCL e VCR, respectivamente e principalmente ao número de frutos (por exemplo: Frutos = f(botões; (R²=0,62 e R²=0,71; d= 0,89 e d= 0,88; EAPM= 5,0% e EAPM= 2,1%, para VCL e VCR, respectivamente, verificou-se que a hipótese proposta é verdadeira, ou seja, é possível a estimativa do número futuro de frutos, a partir do número atual de estruturas reprodutivas (botões florais e flores.

  16. Produtividade e Qualidade de Frutos de Melancia em Função de Alterações na Relação Fonte-Dreno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamurábi Anízio Lins

    2013-10-01

    Full Text Available As hortaliças de frutos são cultivadas em todas as regiões do Brasil, e no nordeste, em que as condições de solo e clima favorecem o crescimento e desenvolvimento das plantas e dos frutos, o cultivo de plantas da família das Cucurbitáceas tem se destacado proporcionando a obtenção de plantas com alta produtividade e qualidade dos frutos colhidos. A melancieira é uma planta que permite várias formas de manipulação da relação entre a fonte e o dreno. Estas alterações na fonte e no dreno exercem influência na produtividade e qualidade dos frutos na colheita. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e qualidade de frutos de melancieira em função de alterações na relação entre fonte e o dreno. No experimento os tratamentos constaram da condução da poda da haste dominante em diferentes épocas de cultivo (25, 30, 35 e 40 dias após o transplante - DAT e do número de frutos por planta (1 e 2. O experimento foi instalado no DBC em parcelas subdivididas com quatro repetições. As modificações induzidas na planta de melancieira por meio de podas e raleio de frutos proporcionaram alterações na relação fonte e dreno sendo benéfica para as características de produtividade e qualidade dos frutos. A poda da haste principal aos 35 DAT elevou a massa dos frutos e produtividade independente do número de frutos na planta. Plantas conduzidas com dois frutos proporcionaram redução na massa do fruto e dos sólidos solúveis e elevação na produtividade da cultura.

  17. Determinación de las causas del rajado del fruto de uchuva (Physalis peruviana L. bajo cubierta. II. Efecto de la oferta de calcio, boro y cobre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cooman Alexander

    2005-06-01

    Full Text Available

    Se evaluo la incidencia del rajado del fruto de uchuva, cultivada en macetas y bajo invernadero, con presencia y ausencia en la fertilizacion de los elementos calcio, cobre y boro, y sus interacciones. Los rendimientos en cosecha se redujeron por la ausencia de calcio y cobre pero el boro no incidio en este aspecto. El peso de los frutos individuales aumento por la ausencia del boro en la fertilizacion, mientras que la ausencia del calcio produjo frutos de menor peso y el cobre no incidio en este aspecto. En el tratamiento de fertilizacion completa, que incluyo todos los elementos, el rajado fue mas importante en las primeras semanas y menor hacia el final del periodo de cosecha. El rajado del fruto se expreso en funcion de la presencia de calcio y boro en la fertilizacion, con un incremento de 5,5 a 13% de frutos rajados cuando cualquiera de los dos era eliminado de la solucion nutritiva. El cobre no tuvo efecto sobre la incidencia del rajado. El tamano del fruto, aunque significativo, incidio poco sobre la ocurrencia del rajado.

  18. Desarrollo de una metodología de infestación artificial de plantas de tomate con el pasador del fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estrada Salazar Edgar Iván

    2008-12-01

    Full Text Available En un diseño de bloques completos al azar se confinaron en jaulas (1.5 x 1.5 x 1.8 m dos plantas de tomate (S. lycopersicum cv. Maravilla, podadas a dos tallos, con hembras de Neoleucinodes elegantalis (una, dos, cuatro y seis adultos, y el testigo. Los tratamientos se repitieron cuatro veces. Se evaluaron por planta las variables frutos afectados por pasador (% y número promedio de orificios de entrada del pasador por fruto. Se presentaron diferencias significativas entre tratamientos solo para la variable frutos afectados por pasador (%. Con la introducción de una hembra en el interior de la jaula se incrementaron en 5.29% los frutos afectados. Para obtener pérdida de frutos similar a la que se presenta en lotes comerciales muy susceptibles (50-60% se requirió la introducción de seis hembras en la jaula.

  19. Ácido giberélico na produção de frutos partenocárpicos de pimenta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tofanelli Mauro Brasil Dias

    2003-01-01

    Full Text Available A presença de sementes em frutos, dependendo da espécie, pode ser dispensável ou até mesmo indesejável ao consumo e à culinária, como seria o caso, por exemplo, de algumas pimentas. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de ácido giberélico (GA3 na produção e nas características de frutos partenocárpicos em plantas de pimenta "escabeche" (Capsicum baccatum L.. A semeadura foi realizada em bandejas de poliestireno expandido e o plantio das mudas em estrutura plástica com irrigação por gotejamento. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro tratamentos (0; 700; 1.400 e 2.800 mg L-1 de GA3. Foram feitas duas aplicações de GA3: a primeira quando as plantas estavam em plena floração e a segunda aos 10 dias após a primeira aplicação. Observou-se que o GA3 favoreceu a produção de frutos partenocárpicos (94,6% com 2.100 mg L-1 de GA3, diminuiu a produção de frutos (87,1 g fruto/planta com 2.250 mg L-1 de GA3, aumentou a altura da planta (168,0 cm com 2.450 mg L-1 de GA3, porém, prejudicou as características comerciais dos frutos. É possível produzir frutos partenocárpicos com a aplicação de GA3 em pimenta "escabeche", porém esta técnica não foi agronomicamente viável.

  20. Abortamento de frutos da nogueira macadâmia sob influência da adubação mineral

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos José Perdoná

    2014-06-01

    Full Text Available A nogueira macadâmia (Macadamia integrifolia apresenta elevada taxa de abortamento de frutos. A nutrição desequilibrada pode ser um dos fatores que contribui para isso. Objetivou-se, com esta pesquisa, avaliar a influência de doses de N e do parcelamento da adubação NPK, de cobertura, na redução do abortamento de frutos da nogueira macadâmia. Foram desenvolvidos dois experimentos, durante três anos agrícolas, num Latossolo Vermelho, em Jaboticabal, Estado de São Paulo. O primeiro experimento foi constituído por cinco doses de N (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1 ano-1 e quatro repetições. O segundo experimento foi constituído por quatro formas de parcelamento da adubação NPK (T1: outubro T2: outubro + dezembro, T3: outubro + dezembro + fevereiro e T4: outubro+dezembro + fevereiro + abril e cinco repetições. A maior parte dos frutos (77,7 % foi abortada no início de seu desenvolvimento. A aplicação de N, bem como o parcelamento da adubação NPK de cobertura, pelo menos em duas vezes (outubro e dezembro, não alteraram o número de frutos abortados por planta de macadâmia, mas, por aumentarem o número total de frutos emitidos e reduzirem a percentagem de abortamento, proporcionaram maior produtividade de nozes.

  1. Avaliação de características físico-químicas de frutos de duas espécies de pitaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar características físico-químicas dos frutos de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus e Selenicereus setaceus. Foi utilizado um delineamento inteiramente ao acaso, com quatro repetições, sendo cada repetição a média de três frutos. Foram analisados comprimento e diâmetro dos frutos, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. As análises de variância foram realizadas por meio do programa Genes e as médias foram comparadas pelo teste Scott e Knott, a 5% de significância. Foram determinados os coeficientes de correlação de Pearson entre as diferentes características analisadas. Os acessos 02 e 05 da espécie H. undatus destacam-se por apresentarem maiores comprimento, diâmetro e massa dos frutos, comparando com os dos demais acessos. A espécie S. setaceus apresenta maior teor de sólidos solúveis da polpa dos frutos, diferenciando-se significativamente da espécie H. undatus. Altos valores foram encontrados para herdabilidade e CVg, para as características físicas dos frutos de pitaya, estimativas importantes para se determinarem estratégias de seleção e para se estimar o ganho genético. Os resultados das correlações indicam que quanto maior o tamanho e a massa, menor é o teor de sólidos solúveis na polpa dos frutos de pitaya.

  2. Tipologia de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto da APA do Gama e Cabeça de Veado e montagem de Coleção Didática de frutos – Carpoteca - doi: 10.5102/ucs.v9i1.1385

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Cátia Schaffer

    2011-07-01

    Full Text Available Com o objetivo de realizar um levantamento tipológico de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto, e montar uma carpoteca, o presente trabalho partiu da premissa de que o Cerrado apresenta alta diversidade de frutos e estratégias de dispersão. Os frutos foram coletados na APA do Gama e Cabeça de Veado (Brasília-DF, entre os meses de agosto de 2009 a maio de 2010. A coleta foi feita pelo método de caminhamento com busca ativa por espécimes maduros. Os frutos foram classificados de acordo com a consistência, deiscência e as síndromes de dispersão, e divididos em grupos, tipos e subtipos. Foram coletados 79 frutos, sendo 70 frutos simples, 7 múltiplos e 2 compostos; 43 deiscentes e 36 indeiscentes; 53 secos e 26 carnosos. Anemocoria foi a síndrome de dispersão prevalecente. A diversidade florística encontrada no fragmento garantiu elevada variabilidade de formas de frutos para a carpoteca.

  3. Atividade antiinflamtória do extrato aquoso e frações do fruto da Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Cucurbitaceae)

    OpenAIRE

    Provasi, Marilene; Silva, Daniel R.; Bersani Amado, Ciomar Aparecida; Delani, Tieles C. O.; Nakamura, Celso Vataru; Dias Filho, Benedito Prado; Cortez, Diógenes Aparício Garcia

    2007-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a atividade anitinflamatória tópica in vivo do extrato aquoso e frações do fruto de Cayaponia cabocla (Vell.) Mart. (Curcubitaceae). Extratos e frações dos frutos frescos de C. cabocla foram avaliadas a ação antiinflamatória sobre o modelo de pleurisia induzida por carragenina e edema de orelhas de camundongos induzido por óleo de cróton. Doses de 250 e 500 mg mg Kg do extrato aquoso reduziram o volume do exsudato pleural e o número de células migradas, e...

  4. Efecto de mallas sombreadoras sobre la producción y calidad de frutos de arándano (Vaccinium corymbosum L. cv. Brigitta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Marcelo Rodríguez Beraud

    2015-01-01

    Full Text Available Se evaluó el crecimiento, desarrollo y calidad de frutos de arándano (Vaccinium corymbosum L. variedad Brigitta bajo diversas mallas de sombreo. Los ensayos se realizaron en plantas de 7 años en un huerto comercial de Collipulli, Región de La Araucanía, Chile. Los tratamientos correspondieron a un control sin sombreamiento y cuatro tipos de mallas: una roja de 40% y 18% de sombreamiento; una malla aluminizada con 40% de sombreamiento y una malla negra de 35% de sombreamiento. En frutos bajo sombra de malla roja 40% se observaron el mayor diámetro ecuatorial y polar y se cosecharon tres semanas más tarde que los frutos del tratamiento sin malla. En el cultivo bajo sombra de malla aluminizada 40% se observó prolongación de estados fenológicos y un desfase en la producción máxima semanal de dos semanas respecto al control. Los mayores rendimientos se observaron en plantas del tratamiento control y bajo sombra de malla roja 40%, con 11008 kg ha-1 y 10461 kg ha-1 respectivamente, en tanto que el menor rendimiento fue con malla roja 18% con 9668 kg ha-1. Los frutos cultivados bajo sombra de malla roja 18% presentaron el mayor número de frutos por planta con 1806 bayas por planta, el menor peso de frutos con 1,69 g y la mayor firmeza. Por lo tanto, el mayor peso de bayas se observa en frutos sin malla y en malla roja 40% de sombreamiento, junto con el mayor tamaño y rendimiento.

  5. Start-up of horizontal anaerobic reactors with sludge blanket and fixed bed for wastewater treatment from coffee processing by wet method Partida de reatores anaeróbios horizontais com manta de lodo e de leito fixo para tratamento de águas residuárias do beneficiamento de frutos do cafeeiro por via úmida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto A. de Oliveira

    2013-04-01

    Full Text Available In this study it was evaluated the start-up procedures of anaerobic treatment system with three horizontal anaerobic reactors (R1, R2 and R3, installed in series, with volume of 1.2 L each. R1 had sludge blanket, and R2 and R3 had half supporter of bamboo and coconut fiber, respectively. As an affluent, it was synthesized wastewater from mechanical pulping of the coffee fruit by wet method, with a mean value of total chemical oxygen demand (CODtotal of 16,003 mg L-1. The hydraulic retention time (HRT in each reactor was 30 h. The volumetric organic loading (VOL applied in R1 varied from 8.9 to 25.0 g of CODtotal (L d-1. The mean removal efficiencies of CODtotal varied from 43 to 97% in the treatment system (R1+R2+R3, stabilizing above 80% after 30 days of operation. The mean content of methane in the biogas were of 70 to 76%, the mean volumetric production was 1.7 L CH4 (L reactor d-1 in the system, and the higher conversions were around at 0.20 L CH4 (g CODremoved-1 in R1 and R2. The mean values of pH in the effluents ranged from 6.8 to 8.3 and the mean values of total volatile acids remained below 200 mg L-1 in the effluent of R3. The concentrations of total phenols of the affluent ranged from 45 to 278 mg L-1, and the mean removal efficiency was of 52%. The start-up of the anaerobic treatment system occurred after 30 days of operation as a result of inoculation with anaerobic sludge with active microbiota.Foram avaliados os procedimentos de partida de sistema de tratamento com três reatores anaeróbios horizontais (R1, R2 e R3, instalados em série, com volume de 1,2 L cada. O R1 com manta de lodo e o R2 e R3 através de suporte de bambu e fibra de coco, respectivamente. Como afluente,foram sintetizadas águas residuárias do despolpamento mecânico dos frutos do cafeeiro por via úmida, com valor médio de demanda química de oxigênio total (DQOtotal de 16.003 mg L-1. O tempo de detenção hidráulica (TDH em cada reator foi de 30 h. As

  6. Efeito do estádio de maturação dos frutos nas características físico-químicas de acerola

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nogueira Rejane Jurema Mansur Custódio

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar características físico-químicas dos frutos de acerola, em três estádios de maturação. Foram usadas acerolas oriundas de duas matrizes (UFRPE 7 e UFRPE 8, durante as estações seca e chuvosa, num pomar comercial. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3 (plantas matrizes x estádios de maturação dos frutos, e três repetições. Foram avaliados os teores de vitamina C e sólidos solúveis totais (SST, além do pH, do peso e tamanho dos frutos. As aceroleiras UFRPE 7 e UFRPE 8 produziram frutos com teores de vitamina C adequados tanto para o mercado interno como para o externo. Os frutos verdes apresentaram teores de vitamina C significativamente maiores que os maduros e semimaduros, podendo ser utilizados pela indústria farmacêutica. Houve influência sazonal nos teores de vitamina C nas características físicas (peso e diâmetros dos frutos e físico-químicas (SST das matrizes estudadas. O conteúdo de vitamina C foi mais elevado durante a estação seca, e decresceu com a maturação do fruto. A UFRPE 7 produziu frutos de melhor qualidade, apresentando também maior estabilidade nas características avaliadas do que a UFRPE 8.

  7. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.

  8. Saponinas dos frutos de ilex paraguariensis A. St. Hil. (mate) : desenvolvimento de metodologia analítica, estudos físico-químico e biológico

    OpenAIRE

    Maria Paula Garofo Peixoto

    2009-01-01

    O presente trabalho teve por objetivo a avaliação físico-química e biológica de uma fração de saponinas enriquecida, obtida a partir de frutos verdes de Ilex paraguariensis A. St. Hil (mate). A espécie apresenta grande importância econômica para vários países sul-americanos, dentre eles o Brasil. Os frutos verdes da espécie acumulam significativa quantidade de saponinas, entretanto, são considerados subproduto da indústria do beneficiamento das folhas de mate. O extrato liofilizado dos frutos...

  9. Nutrição mineral e qualidade do fruto do abacaxizeiro e do maracujazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesus Aular

    2014-12-01

    Full Text Available Vários fatores influenciam a produtividade e a qualidade dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, dentre os quais se destacam: o clima, o solo e as práticas de adubação e de irrigação. A nutrição mineral é essencial para elevar a produtividade e melhorar a qualidade dos frutos; no entanto, há poucas informações sobre o efeito da adubação nestas duas frutíferas, especialmente sob condições tropicais. O objetivo desta revisão foi compilar e apresentar os principais resultados de pesquisas, nas quais foi avaliada a influência da nutrição mineral sobre a qualidade destas duas frutíferas. Consideraram-se as informações publicadas recentemente em revistas científicas, sendo as mesmas apresentadas para os macronutrientes de forma individual, em seguida para N-P-K e, por último, para os micronutrientes. A revisão da literatura mostrou que é difícil afirmar que algum elemento favorece ou não determinada característica dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, já que os resultados são variáveis ou existe pouca informação. Em função disso, mais do que deixar estabelecidos os efeitos dos elementos minerais sobre a qualidade dos frutos, o que chama a atenção é a necessidade de pesquisar sobre este tema.

  10. Propriedades mecânicas dos frutos de baru (Dipteryx alata Vogel

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Emanuel Cabral de Oliveira

    2017-03-01

    Full Text Available Neste trabalho objetivou-se verificar a influência do teor de água e da temperatura de secagem nos valores da força máxima de compressão para deformações fixas (1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 mm, força de ruptura e no módulo proporcional de deformidade nos frutos de baru (Dipteryx alata Vogel, submetidos à compressão na posição natural de repouso. Foram utilizados frutos de baru com teores de água variando de 0,333 a 0,053 (decimal b.s., secos nas temperaturas de 60, 80 e 100 °C. A redução do teor de água ao longo da secagem foi acompanhada pelo método gravimétrico (perda de massa, conhecendo-se o teor de água inicial do produto, até atingir o teor de água final. Concluiu-se que a força de compressão necessária para deformar os frutos de baru diminui com o aumento do teor de água, independentemente da temperatura de secagem. O módulo proporcional de deformidade aumenta com a redução do teor de água para todas as temperaturas estudadas. A redução do teor de água eleva a força necessária à ruptura dos frutos de baru, independentemente da temperatura de secagem. As forças de ruptura para as temperaturas de 60 e 100 °C podem ser representadas por um único modelo.

  11. Qualidade de frutos de acessos de umbu-cajazeira (Spondias sp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Perla J. S. Gondim

    2013-11-01

    Full Text Available Os frutos da umbu-cajazeira (Spondias sp. são amplamente consumidos frescos ou processados, em decorrência de suas características sensoriais, apresentando-se com boas perspectivas de cultivo e comercialização. No entanto, a avaliação da qualidade pós-colheita de frutos de acessos das suas áreas de ocorrência se faz necessária, no sentido não apenas de identificar materiais com características promissoras de interesse para a indústria ou consumo fresco, mas também para dar suporte aos programas de melhoramento. Neste trabalho foram avaliados frutos colhidos na maturidade comercial (coloração totalmente amarela de oito acessos provenientes do município de Areia, Brejo paraibano, quanto às características físicas e físico-químicas. A massa fresca média dos frutos dos acessos avaliados foi de 28,82 g e o rendimento médio em polpa foi de 68,5%. Com base na análise de componentes principais, o acesso A2 se destacou por apresentar conteúdos superiores de sólidos solúveis (12,9% e açúcares redutores (10,9%, mais baixa acidez titulável (0,94% de ácido cítrico e superior relação SS/AT (13,75, indicando que este acesso pode ser uma alternativa viável, tanto para o mercado de frutas frescas como para o processamento.

  12. MEJORAMIENTO DEL RENDIMIENTO Y CALIDAD DE FRUTO Y PSEUDOFRUTO DE MARAÑON CON UN CICLO DE FERTILIZACIÓN ORGÁNICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LOURDES ADRIANO-ANAYA

    2017-12-01

    Full Text Available RESUMEN El objetivo del presente estudio fue evaluar la influencia de la aplicación de fertilizantes orgánicos a árboles adultos de marañón por un ciclo productivo sobre la producción y calidad de frutos y pseudofrutos. Para lo anterior, se establecieron tres tratamientos: fertilización orgánica (BIO, fertilización sintética (FS y sin fertilización (SF. Se cuantificó el número de panículas m-3, número de flores por panícula y el número de frutos m-3 en los árboles. Después del corte, a frutos y pseudofrutos se analizaron propiedades físicoquímicas de interés. Aunque el tratamiento FS promovió mayor número de panículas por unidad de área foliar (P 0.05, medido como la cantidad de fruto-pseudofruto m-3 con el tratamiento BIO. Sin embargo, la cantidad de fruto (principal producto comercializado fue mayor en BIO (1.80 kg árbol-1 comparado con los otros dos tratamientos (FS = 1.35; SF = 1.09. El tratamiento BIO aumentó en 81% el contenido de polifenoles respecto al tratamiento no fertilizado. Igualmente, los contenidos de grasa y acidez titulable fueron superiores en BIO, respecto a los tratamientos sin fertilización y con fertilización sintética (P < 0.05. Se demostró que la aplicación de biofertilizantes por un ciclo de producción aumenta la producción de frutos y modifica la composición química de las semillas.

  13. Inducción de la biosíntesis local de antocianinas en frutos de Myrciaria dubia mediante lesiones mecánicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Motta Santillán

    2014-12-01

    Full Text Available En las plantas las antocianinas cumplen roles fundamentales en sus interacciones con el medio ambiente, son una de las líneas de defensa contra los radicales libres, la radiación ultravioleta y el ataque de patógenos. Observaciones realizadas muestran que los frutos de M. dubia acumulan antocianinas alrededor de lesiones mecánicas probablemente causadas por insectos. Por tanto, hemos probado la hipótesis que produciendo lesiones mecánicas en frutos verdes de M. dubia se induce la biosíntesis local de antocianinas. De tres plantas en fructificación de la colección de germoplasma del INIA se seleccionaron aleatoriamente 40 frutos verdes (25 ± 5 mm de Ø y se causaron lesiones mecánicas con estilete o bisturí al 75% de ellos. Posteriormente, se registró el porcentaje de acumulación de antocianinas por área superficial del fruto a las 0, 24, 48 y 72 horas. Se observó acumulación de antocianinas en ~10% (24 horas, ~30% (48 horas y ~70% (72 horas del área superficial de los frutos. En conclusión, las lesiones mecánicas causadas en frutos de M. dubia inducen la biosíntesis local de antocianinas, probablemente como un mecanismo de defensa efectivo desarrollado por esta especie. La comprensión de los mecanismos moleculares implicados en esta respuesta fisiológica nos permitirá establecer las bases para la mejora genética de esta especie.

  14. Inducción de la biosíntesis local de antocianinas en frutos de Myrciaria dubia mediante lesiones mecánicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Motta-Santillán

    2015-01-01

    Full Text Available En las plantas las antocianinas cumplen roles fundamentales en sus interacciones con el medio ambiente, son una de las líneas de defensa contra los radicales libres, la radiación ultravioleta y el ataque de patógenos. Observaciones realizadas muestran que los frutos de M. dubia acumulan antocianinas alrededor de lesiones mecánicas probablemente causadas por insectos. Por tanto, hemos probado la hipótesis que produciendo lesiones mecánicas en frutos verdes de M. dubia se induce la biosíntesis local de antocianinas. De tres plantas en fructificación de la colección de germoplasma del INIA se seleccionaron aleatoriamente 40 frutos verdes (25 ± 5 mm de Ø y se causaron lesiones mecánicas con estilete o bisturí al 75% de ellos. Posteriormente, se registró el porcentaje de acumulación de antocianinas por área superficial del fruto a las 0, 24, 48 y 72 horas. Se observó acumulación de antocianinas en ~10% (24 horas, ~30% (48 horas y ~70% (72 horas del área superficial de los frutos. En conclusión, las lesiones mecánicas causadas en frutos de M. dubia inducen la biosíntesis local de antocianinas, probablemente como un mecanismo de defensa efectivo desarrollado por esta especie. La comprensión de los mecanismos moleculares implicados en esta respuesta fisiológica nos permitirá establecer las bases para la mejora genética de esta especie.

  15. Atividade antimicrobiana do extrato alcoólico do fruto da Caesalpinia ferrea Mart

    OpenAIRE

    Tomaz, Klívio Loreno Raulino

    2010-01-01

    O tratamento usual da mastite bovina é realizado com administração de antimicrobianos, que muitas vezes, promovem a resistência bacteriana a esses compostos. Medicamentos fitoterápicos têm sido utilizados, porém nem todas essas opções apresentam comprovação científica acerca da eficácia de ação contra os agentes causadores da enfermidade. O objetivo desse estudo foi avaliar a atividade antimicrobiana do extrato alcoólico do fruto da Caesalpinia ferrea Mart. frente a bactérias c...

  16. Posibles factores que producen la caída de fruto de Myrciaria dubia (HBK) Mc Vaugh, "camu camu" durante la fenología reproductiva de la colección "cinco cuencas" en el centro experimental San Miguel - IIAP, Loreto, Perú

    OpenAIRE

    Sonia Farro; Mario Pinedo

    2010-01-01

    Se evaluaron plantas de “camu camu” en cinco cuencas de Loreto (Perú), según el porcentaje de frutos con síntomas de infestación por plagas, la retención de flores y frutos en cada una de las cuencas y diámetros de ramas, y la influencia de la precipitación y temperatura en el proceso de caída de frutos según el estado fenológico. En el factor genético, la cuenca del río Putumayo destacó por presentar mayor retención de frutos, mayor rendimiento y peso promedio de frutos, así como menor ataqu...

  17. Physico-chemical and chemical quality of acerola fruit clones coated with PVC film and conserved under refrigeration / Qualidade físico-química e química de frutos de clones de aceroleira recobertos com filme de PVC e conservados por refrigeração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Machado de Souza

    2009-12-01

    Full Text Available This work aimed to evaluate the physical, physicochemical and chemical changes in fruits of clones of acerola coated with PVC film and conserved under refrigeration. The clones BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor, II 47/1 and BRS 152 (Sertaneja had been harvested in the stage of commercial maturation. The fruits had been washed in chlorinated water, packed in expanded polystyrene trays, covered with film PVC and stored (10ºC during 12 days, with withdrawals of samples at the beginning of the experiment and to each three days. They had been evaluated: coloration, soluble solids, titratable acidity, soluble solids:titratable acidity relation, pH, soluble sugars, vitamin C, anthocyanins, weight lost, firmness and carotenoids. The experiment was carried through in experimental delineation completely randomized in factorial design (clones x time, with 3 repetitions (trays with 100g of fruits. Between the clones studied the II47/1 if it detached for the relative stability of the color, angle hue, and of anthocyanins, being more attractive for the consumer in the time of the purchase. However the clones Roxinha and Sertaneja had presented superior soluble solids:titratable acidity between the others in the end of the experiment, interesting characteristic for the flavor.Este trabalho objetivou avaliar as mudanças físicas, físico-químicas e químicas em frutos de clonesde aceroleira recobertos com filme de PVC e conservados sob refrigeração. Os clones 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor, II 47/1 e BRS 152 (Sertaneja foram colhidos no estádio de maturação comercial. Os frutos foram lavados em água clorada, embalados em bandejas de poliestireno expandido cobertos com filme PVC e armazenados (10ºC durante 12 dias, com retiradas de amostras no início do experimento e a cada três dias. Foram avaliados: coloração, sólidos solúveis totais, acidez titulável, relação sólidos sol

  18. Rendimento, qualidade e absorção de nutrientes pelos frutos de abóbora em função de doses de biofertilizante

    OpenAIRE

    Santos,Malei Rosa dos; Sediyama,Maria Aparecida N; Moreira,Marialva A; Megguer,Clarice Aparecida; Vidigal,Sanzio M

    2012-01-01

    O conhecimento do estado nutricional da planta e a exportação de nutrientes pela cultura auxiliam na tomada de decisão nos programas de adubação, podendo melhorar a qualidade e a produtividade de frutos de abóbora. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o estado nutricional das plantas, a produtividade, a qualidade e a extração de nutrientes pelos frutos de duas cultivares de abóbora híbrida tipo Tetsukabuto adubada com biofertilizante suíno. O experimento foi realizado no período de m...

  19. EFECTO DE LA COLOCACIÓN DE DISPOSITIVOS ELÁSTICOS DE HULE, EN LAS MANOS SUPERIORES DEL RACIMO DE BANANO, SOBRE LA CONFORMACIÓN DE LA MANO, EL RECHAZO DE FRUTOS Y LA RELACIÓN CAJAS-RACIMO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas

    2012-01-01

    rechazo de frutos, en especial aquellos correspondientes a frutos deformes o a lesiones por el roce entre ellos durante su crecimiento en el racimo (cicatriz de crecimiento, no fueron afectados por el uso o no de la BEH en ninguno de los experimentos en donde ello se evaluó. El número de cajas obtenidas a partir de las 5 manos superiores del racimo no permitió definir la superioridad entre el uso o no de la BEH.

  20. Produção de frutos e estolhos do morangueiro em diferentes sistemas de cultivo em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes-Júnior Flavio

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo comparar a produção de frutos e de estolhos do morangueiro (Fragariaxananassa Duch. cv. Campinas IAC-2712, em função de três sistemas de condução em ambiente protegido (solo, hidropônico-NFT e hidroponia em casca de arroz carbonizada em colunas verticais. O experimento foi realizado no período de junho de 2000 a fevereiro de 2001, na Estação Experimental de Agronomia de Jundiaí (latitude: 23:06'S, longitude: 46:55'W, altitude média: 715 m, clima Cwa, do Instituto Agronômico, seguindo-se o delineamento de parcelas subdivididas com três repetições, em casa de vegetação modelo semi-arco com abertura zenital superior. Nos dois sistemas hidropônicos foram usadas duas composições de soluções nutritivas, respectivamente, para a fase de crescimento vegetativo e para a produção de frutos. Os resultados obtidos permitiram concluir que no sistema vertical, embora as produções de frutos e de estolhos por planta tenham sido menores que nos demais sistemas estudados, há possibilidade de melhor aproveitamento interno do ambiente protegido, com reflexos positivos no aumento do rendimento por área e maior facilidade de manejo da cultura, incluindo as operações de transplante, limpeza das plantas e colheitas de frutos e remoção de estolhos. Essas vantagens também se aplicam ao sistema hidropônico-NFT mesmo não tendo apresentado diferenças de produção em relação ao cultivo convencional.

  1. Contribuição dos frutos no conteúdo de massa seca e nutrientes na melancieira fertirrigada com diferentes doses de N e P

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Max Venicius Teixeira da Silva

    2014-07-01

    Full Text Available 800x600 Na cultura da melancia, a nutrição mineral é um dos fatores que mais contribuem na produtividade e qualidade dos frutos. O delineamento experimental utilizado foi em blocos inteiramente casualizados em arranjo fatorial com cultivo em faixas (4 x 4 + 2, resultando em 32 tratamentos, com 3 repetições.Os tratamentos foram formados por quatro doses de nitrogênio – N (N1 - 0; N2 - 48; N3 - 121; N4 - 218 kg ha-1 combinadas com quatro doses de fósforo – P2O5 (P1 - 0; P2 - 88; P3 - 220; P4 - 397 kg ha-1 em esquema fatorial, com duas cultivares de melancia nas subparcelas em faixas. Os frutos da cultivar Olímpia participaram com mais da metade da matéria seca  total da planta, já a cultivar leopard, os frutos tiveram menos de50% na participação do matéria seca total da planta. O potássio foi o nutriente mais acumulado nos frutos em ambas as cultivares, seguindo do nitrogênio e calcio. Na cultivar Olímpia, os frutos do tratamento 2 teve um maior acúmulo de N, P e K em relação aos demais tratamentos, já o calcio e magnésio foram mais acumulado nos frutos do tratamento 3, na cultivar Leopard, os frutos do tratamento T3 acumularam maior quantidade de N e P, o tratamento 1 foi Ca e Mg e o Tratamento 2 acumulou maior quantidade de potássio. Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE

  2. Adubação fosfatada no meloeiro-amarelo: reflexos na produção e qualidade dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Luis Gonçalves de Abrêu

    2011-12-01

    Full Text Available O melão (Cucumis melo L. é uma das culturas de grande expressão econômica e social para a região Nordeste do Brasil. Apesar disso e dos baixos níveis de fósforo (P dos solos tropicais, existem poucas pesquisas sobre adubação com P nesta cultura, embora seja frequentemente mencionado que este nutriente tem papel preponderante na produção e qualidade dos frutos. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de doses de P (0; 120; 240; 360 e 480 kg ha-1 de P2O5, na produção e qualidade do melão-amarelo híbrido Goldex F1, nas condições ambientais de Teresina - Piauí. O experimento foi conduzido em um delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições, tendo 40 plantas por parcela. Os frutos foram colhidos aos 75 após o plantio. Foram avaliados os dados médios da produção total, produção de frutos comerciais, massa e número de frutos por planta, comprimento e diâmetro de frutos, espessura da polpa de frutos, sólidos solúveis, acidez titulável e o índice de maturação. A produção total e comercial, assim como a massa e o número de frutos e acidez titulável aumentaram com as doses de P aplicadas até a dose de 278 kg ha-1 de P2O5. Doses acima de 278 kg ha-1 de P2O5 prejudicaram a produtividade de frutos classificados como comerciais. O comprimento, o diâmetro de frutos e a espessura de polpa aumentaram até a dose de 355 kg ha-1 de P2O5, com aumentos pouco expressivos entre 278 e 355 kg ha-1 de P2O5. O teor de sólidos solúveis totais não foi afetado pela adubação fosfatada. Para as condições de fertilidade do solo deste trabalho, recomenda-se uma dose ao redor de 275 kg ha-1 de P2O5.

  3. Fruit quality of ‘Jiro’ japanese persimmon fruits bagged with different types of packings/ Qualidade de frutos de caqui ‘Jiro’ ensacados com diferentes embalagens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Louise Larissa May de Mio

    2007-10-01

    Full Text Available The bagging technique of fruits comes being used by many producers, aiming at the fruit quality, reduction of application of agro toxics and reduction of the damages caused by insects and diseases. The present work evaluated the quality of bagging fruits of ‘Jiro’ japanese persimmon with different types of bags. The experiment was lead in the orchard of Japanese persimmon of the Experimental Farm of the Canguiri of the UFPR, located in Pinhais-PR. The fertilization and the management of the orchard were entirely organic. The treatments had been: microperforated plastic bag, brown kraft paper bag, butter-like paper bag, newspaper bag and without bagging. The experimental design used was randomized blocks with five replicates, being each plant considered a block. Each parcel was composed by 20 fruits. The bagging was made after the physiological fall of the young fruits, distributing the types of bags aleatorely inside each plant. The evaluation was 77 days after bagging, verifying the number of fruits harvested, mass of the fruits, diameter of the fruits, number of fruits in each category of maturation, number of fruits attacked with Schyzothyrium pomi and soluble solids content. The results were significant only in the incidence of S. pomi and in the percentage of coloration of the fruits. The bagging with newspaper and brown kraft bags reduced the incidence of S. Pomi and the color of fruits. The size and the soluble solids content were not affected by bagging.A técnica de ensacamento de frutos vem sendo utilizadas por muitos produtores, visando a melhor qualidade de frutos, redução de aplicação de agrotóxicos e diminuição dos danos provocados por pragas e doenças. O presente trabalho avaliou a qualidade de frutos de caquizeiro ‘Jiro’ ensacados com diferentes tipos de embalagens. O experimento foi conduzido no pomar de caquizeiro da Fazenda Experimental do Canguiri da UFPR, localizada em Pinhais-PR. A adubação e o manejo do

  4. CONTROL DE Anastrepha serpentina (Wiedemann Y CALIDAD DE LOS FRUTOS DE ZAPOTE MAMEY Pouteria sapota (Jacq Moore & Stearn TRATADOS CON AIRE CALIENTE FORZADO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Ariza-Flores

    2009-01-01

    Full Text Available Los objetivos de este estudio fue evaluar la efectividad de tratamientos térmicos con aire caliente forzado húmedo en el combate de la mosca de los zapotes (Anastrepha serpentina Wiedemann "in vivo" y determinar la tolerancia a las condiciones aplicadas de frutos de zapote mamey. Los frutos no fueron dañados internamente por el tratamiento térmico cuando fueron expuestos a 43 °C·120 min-1. Los frutos alcanzaron su madurez de consumo a los ocho días a 25 °C, presentaron cambios rápidamente en color y perdieron más peso; mientras que, a 10 °C se mantuvieron con mayor firmeza, prolongaron su vida de anaquel y mostraron mayores daños en los haces vasculares. Con respecto a la mortandad de los huevos y larvas de mosca de la fruta A. serpentina, éstas fueron del 100 % con la atmósfera controlada (CA de aire caliente a 43 °C·120 min-1, igualmente los frutos no fueron dañados por la aplicación de la CA; las larvas murieron fácilmente por el calor a 40 °C·120 min-1, mientras que los huevos fueron más resistentes ya que ocurrieron larvas emergidas a 25 °C para los ocho días de almacenados.

  5. Seleção de caramboleiras pelas características biométricas e físico-químicas dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Araújo Paulo Sérgio Rodrigues de

    2001-01-01

    Full Text Available Caracterizaram-se caramboleiras relacionando as características biométricas e físico-químicas dos frutos. Foram utilizadas 15 caramboleiras de pomar comercial, em Mirandópolis-SP. Procederam-se seis coletas de 50 frutos por planta, no período entre 1997 e 1999, para avaliações biométricas de comprimento, diâmetro, massa, número de gomos e sementes. Nas referidas coletas para avaliação dos parâmetros físico-químicos, utilizaram-se três frutos por planta, sendo analisados: sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, "ratio", firmeza de polpa, pH e coloração externa. Duas plantas foram superiores às demais em relação ao comprimento e massa dos frutos, apresentando elevados teores de SST e "ratio", entretanto, baixa ATT, características interessantes para o consumo fresco. Contudo, foi limitante o grande número de sementes de uma planta em relação à outra. Como opção para porta-enxerto, devido ao elevado número de sementes nos frutos, destacaram-se três plantas. Com potencial para processamento foi selecionada uma planta, decorrente da elevada ATT, baixo número de sementes e tamanho do fruto entre médio e grande.

  6. Preservação dos atributos físicos de frutos de atemoia cv. Gefner com o uso de 1-MCP e atmosfera modificad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Michelle Cosme Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O interesse comercial pela atemoia vem aumentando cada vez mais no Brasil. O aumento da atividade respiratória, acompanhado por modificações rápidas na composição física dos frutos podem inviabilizar sua distribuição a mercados distantes. Neste contexto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar os atributos físicos em frutos de atemoia tratados com 1-metilciclopropeno (1-MCP e atmosfera modificada associados à refrigeração. O experimento foi instalado em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5, sendo quatro concentrações de 1-MCP (0; 200; 400 e 600 ŋL L-¹ e cinco períodos de avaliação após a colheita, em intervalo de cinco dias, com quatro repetições e quatro frutos por unidade experimental. As atemoias foram colhidas em pomar comercial, no município de Matias Cardoso-MG, no estádio de maturação fisiológica, lavadas, sanitizadas e secas ao ar, depois tratadas com as concentrações de 1-MCP por oito horas, em temperatura ambiente. Logo após, quatro frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido. Alguns permaneceram sem membrana, enquanto outros foram embalados com membrana plástica de PEBD 16µm. As variáveis avaliadas nos frutos foram: perda de biomassa fresca, firmeza, concentração de CO2, etileno e coloração da casca. O uso da atmosfera modificada e do 1-MCP, associados ou não, foi eficiente no atraso do amadurecimento dos frutos, permitindo a conservação de sua qualidade física. Frutos tratados com 1-MCP apresentaram-se mais firmes, além da preservação da coloração, verificada através da luminosidade, cromaticidade e ângulo Hueº, que se mostraram superiores quando comparados aos frutos não tratados.

  7. CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS Y BIOQUÍMICAS DE FRUTOS DE CHINENE (Persea schiedeana Nees.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. G. Cruz-Castillo

    2007-01-01

    Full Text Available El chinene es un árbol frutal nativo de Mesoamérica y forma parte de la familia Lauraceae. Su consumo, como buena fuente nutricional es reconocido en regiones tropicales de México y Centroamérica. Sin embargo, poco se conoce sobre su contenido nutrimental. Para ello, se llevaron a cabo análisis de ácidos grasos en pulpa de chinene por dos años consecutivos utilizando cromatografía de gases. Se obtuvieron concentraciones de ácido oleico, y palmitico parecidas a las encontradas en aguacate. Las concentraciones de ácido oleico fueron comparables con las del aguacate 'Hass'. En otro estudio, se midieron morfológicamente frutos de chinene provenientes de varias comunidades de la región central de Veracruz, México. Resultó una gran variación en tamaño, peso, y contenido de pulpa. Asimismo, el patrón de crecimiento de los frutos fue caracterizado por una curva simple sigmoide con un acumulado de 1635.11 unidades calor arriba de 6 oC, desde el amarre de fruto hasta la cosecha.

  8. Características de frutos do meloeiro variando número e posição de frutos na planta Yield and quality of muskmelon varying fruit number and position in the plant, in protected cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Cleiton F de Queiroga

    2009-03-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, em área experimental da Universidade Federal de Viçosa, de 26/09/05 a 24/01/06, onde se objetivou avaliar a produtividade e a qualidade de frutos do meloeiro, variando número e posição de frutos na planta. Os tratamentos constaram de número de frutos por planta (1 e 2 e posição de fixação de frutos na planta (entre 5(0 e 8(0 nós e 15(0 e 18(0 nós. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso no esquema fatorial 2 x 2, com 5 repetições. Utilizou-se a 'Coronado F1', variedade reticulatus do grupo Cantaloupe, cultivada em vasos plásticos de 11,5 dm³ preenchidos com fibra de coco comercial. Plantas com um fruto apresentaram maior duração do período de colheita, área foliar (AF (5(0 - 8(0 nó, massa média de frutos (MMF, reticulação da casca (RC, espessura da polpa (EP, comprimento (CF e diâmetro de frutos (DF, sólidos solúveis totais (SST, açúcares solúveis totais (AST, açúcares não redutores (ANR e menor produtividade comercial (PCF. A condução com frutos fixados entre os 15(0 e 18(0 nós, comparado a frutos fixados entre os 5(0 e 8(0 nós, proporcionou maior número de dias para iniciar e terminar a colheita, AF, MMF, PCF, EP, CF e DF (em plantas com 1 fruto, índice de maturação, AST, ANR e menor RC, acidez total titulável e concentração de açúcares redutores.The study was carried out in a greenhouse of the Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais State, Brazil, from 26/09/05 to 24/01/06, to evaluate the yield and quality of the melon fruit, varying the number and position of fruits on the plant. The treatments consisted of fruit number per plant (1 and 2 and fruit position in the plant (5th - 8th node and 15th - 18th node. A randomized block design was used, in a 2 x 2 factorial scheme, with 5 replications. The 'Coronado F1', variety reticulatus of the Cantaloupe group was cultivated in 11.5 dm³ plastic pots with commercial coconut

  9. Desenvolvimento dos frutos nas espécies selvagens de amendoim (Arachis spp. Fruit development in wild species of peanut

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida H. T. Mendes Conagin

    1959-01-01

    Full Text Available As espécies selvagens de amendoim apresentam frutos completamente diferentes dos frutos do amendoim cultivado (Arachis hypogaea L.. Nesta espécie os frutos têm duas a cinco sementes justapostas dentro de uma única loja; externamente são observadas constrições na casca do fruto as quais em alguns casos se acentuam não chegando, entretanto, a produzir unia separação entre as sementes. Nas espécies selvagens os frutos apresentam duas sementes apenas, completamente separadas uma da outra por uma constrição muito profunda ou mesmo por um istmo de comprimento variável. Para êsses frutos foi adotada a denominação de "frutos catenados" e o estudo de seu desenvolvimento foi feito nas espécies Arachis monticola Krapovickas et Rigoni e A. villosa Benth. var. correntina Burk. O ovário, unilocular, tem normalmente dois óvulos. A futura separação das duas sementes se origina num tecido intercalar que se forma em ovários ainda jovens e que separa em duas a cavidade inicial única. Êste tecido tem a estrutura de um "peg" e, como êle, desidrata-se durante o processo de amadurecimento do fruto, tomando-se sêco e quebradiço; por essa razão, ao colhêr os frutos, a maioria dêles se apresenta unisseminado. Em 50% dos casos os óvulos se desenvolvem igualmente, conduzindo à formação de frutos com duas sementes. Quando os dois óvulos não se desenvolvem ao mesmo tempo, é mais freqüente o colapso do óvulo apical, cujo crescimento é paralisado cm diversos estados de desenvolvimento; isto conduz à formação de frutos com apenas uma semente ou com uma semente abortada. Além dessas duas, as seguintes espécies apresentam frutos catenados: Arachis Diogoi Hoehne f. typica Hoehne, A. glabrata Benth., A. pusilla Benth., A. marginata Gardn. (segundo Burkart, A. prostrata Benth. (segundo Burkart, e mais três espécies ainda não identificadas, mas que constam da coleção da Seção de Citologia como V. 44, V. 82 e V. 85. A V. 44 deve

  10. Aceites volátiles de hojas y frutos de Pimenta guatemalensis (Myrtaceae de Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Chaverri

    2015-03-01

    Full Text Available Pimenta es un género de plantas perteneciente a la familia Myrtaceae que contiene cerca de 15 especies, la mayoría ubicadas en las regiones del Caribe del Continente Americano, donde es utilizado con propósitos culinarios y medicinales. Las especies comerciales mejor conocidas son “pimienta de Jamaica” (P. dioica o P. officinalis y “bay-rum” (P. racemosa y existe muy poca información científica acerca de la especie P. guatemalensis. Cuando las hojas y frutos son triturados, desprenden un aroma de composición desconocida. El objetivo del presente estudio fue identificar la composición química de los aceites esenciales de las hojas y frutos de P. guatemalensis. La extracción de los aceites esenciales de P. guatemalensis, una especie arbórea silvestre en Costa Rica, se efectuó mediante el método de hidrodestilación a presión atmosférica, empleando un aparato de vidrio de tipo Clevenger. Se analizó la composición química de los aceites esenciales mediante cromatografía de gases con detector de ionización de flama (GC/FID y cromatografía de gases acoplada a un detector de masas (GC/MS y, utilizando índices de retención en una columna cromatográfica capilar tipo DB-5. En los aceites de hojas se identificaron 103 y en los de frutos 63 compuestos, correspondiendo a 96.8% y 86.1%, respectivamente, de los constituyentes totales. El aceite de las hojas está constituido principalmente por compuestos de naturaleza fenilpropanoide (72.9% y de hidrocarburos monoterpénicos y sesquiterpénicos (18.2%. Los componentes mayoritarios del aceite de las hojas se identificaron como eugenol (72.8%, β-cariofileno (8.2% y terpinoleno (3.0%. El aceite de los frutos está constituido principalmente por eugenol (74.7%, monoterpenos y sesquiterpenos oxigenados (7.3% principalmente óxido de cariofileno (3.3%. Este es el primer informe acerca de la composición química de aceites esenciales obtenidos a partir de esta especie vegetal.

  11. Ácido Giberélico (GA3 e maturação de frutos das tangerinas 'Mexerica Montenegrina'e 'Poncã'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marur Celso Jamil

    1999-01-01

    Full Text Available Na região norte do estado do Paraná, Brasil, as tangerinas `Ponkan' (Citrus reticulata e `Montenegrina' (Citrus deliciosa geralmente são colhidas em maio e julho, respectivamente. Aplicações de produtos à base de GA3 podem estender o período de produção, permitindo aos produtores programar a colheita e obter melhores preços. Neste trabalho foi estudado o efeito do GA3 sobre a maturação dos frutos de ambas as espécies, nos anos de 1996 e 1997. Os tratamentos constaram de concentrações compreendidas entre 20 e 60 mg L-1 de GA3 aplicadas ao início da mudança de cor dos frutos e quando a coloração alaranjada estava mais avançada. A cada 21 dias a maturação dos frutos foi visualmente avaliada e 6 frutos por parcela foram amostrados para análises do grau Brix e acidez. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que a aplicação do produto parece ser mais eficiente quando efetuada no início de mudança de coloração do fruto, por mantê-los verdes por um período maior. Para ambas as espécies parece não ter havido diferenças entre as concentrações do produto, que estenderam o período de colheita por aproximadamente 3 semanas. Verificou-se, também, que o produto aplicado agiu somente na aparência da casca, sem alterar as características do suco.

  12. Caracterização do ataque da broca dos frutos do pequizeiro Characterization of the attack of the pequi fruit borer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sergio Nascimento Lopes

    2003-12-01

    Full Text Available O extrativismo dos frutos de pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae é uma importante opção de renda, alimento e emprego para as populações que vivem nas regiões de Cerrado em todo Brasil. Entretanto, a oferta natural desses frutos encontra-se ameaçada por diversos fatores, entre estes, destaca-se uma séria praga, Carmenta sp. (Lepidoptera: Sesiidae, que os torna impróprios para o consumo. Diante disso, o presente estudo objetivou conhecer algumas características do inseto responsável, bem como a forma de ataque aos frutos de pequizeiro, os danos causados e sintomas característicos. Este trabalho foi realizado através da análise de frutos de pequizeiro coletados aleatoriamente, tanto na planta como no solo, na vegetação do tipo Cerrado nos municípios de Montes Claros, Norte de Minas e Itumirim, Sul de Minas, em Minas Gerais. No primeiro município foram colhidos frutos aproximadamente entre 80-120 dias após a antese (DAA, enquanto no segundo, em duas épocas, 45 e 90 DAA. Em cada município, época e local de coleta (planta ou solo foram coletados 50 frutos para análise. As características avaliadas foram: diâmetro longitudinal e transversal, percentagem de frutos danificados, número de lagartas por fruto e número de crisálidas por fruto. Após a análise dessas características, foram anotados e documentados fotograficamente os estágios de desenvolvimento do inseto quanto ao comprimento, coloração e morfologia, bem como os sintomas do ataque. A partir desse trabalho pode-se concluir que a lepidobroca dos frutos de pequizeiro pode provocar danos à produção superior a 50%, destruindo todo o interior dos frutos que se tornam imprestáveis para o consumo. Os frutos mais atacados são os mais jovens, sendo mais comum encontrar uma só lagarta em seu interior.The extractivism of pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae is an important option of income, food and employment for the populations

  13. Identificação pré-colheita do risco de ocorrência de "bitter pit" em maçãs 'gala' por meio de infiltração com magnésio e análise dos teores de cálcio e nitrogênio nos frutos Preharvest identification of bitter pit risk in 'gala' apples by fruit infiltration with magnesium and analysis of fruit contents of calcium and nitrogen

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2010-03-01

    Full Text Available O "bitter pit" é um distúrbio fisiológico pós-colheita em maçãs, ocasionado pela deficiência de Ca e agravado pela presença de elevados níveis de Mg, N e K nos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a viabilidade prática da infiltração de maçãs 'Gala' com Mg, visando a avaliar, em pré-colheita, o risco de ocorrência de "bitter pit" durante o armazenamento refrigerado, bem como a identificar os atributos minerais do fruto associados à ocorrência do distúrbio. Em 50 talhões de pomares localizados no município de Fraiburgo-SC, foram coletadas amostras de 25 frutos / talhão, cerca de 20 dias antes do início da colheita comercial, sendo os mesmos infiltrados a vácuo com Mg e avaliados quanto à incidência (% e severidade (manchas / fruto de "bitter pit". Nos mesmos talhões, na maturação comercial, foram coletadas amostras de 120 frutos / talhão, sendo que 100 frutos foram armazenados em câmara fria convencional durante quatro meses (0 ± 0,5ºC e 90-95% UR, e 20 frutos foram utilizados para a análise mineral (teores de Ca, Mg, K e N. Cinco dias após a remoção da câmara fria, os frutos foram avaliados quanto à incidência (% e severidade (manchas / fruto de "bitter pit". Houve correlação linear altamente significativa (r² = 0,69; pBitter pit is a postharvest physiological disorder in apples, related to Ca deficiency, and aggravated by high levels of Mg, N, and K in the fruits. This work was carried out to assess the practical viability of 'Gala' apples infiltration with Mg, for preharvest identification of bitter pit risk during cold storage, as well as, to identify the mineral attributes associated with the occurrence of the disorder. Fruits were sampled in 50 plots of apple orchards located in Fraiburgo, SC (Southern Brazil. Samples of 25 fruits / plot were harvested about 20 days before commercial harvesting, and then vacuum infiltrated with Mg and assessed for incidence (% and severity (pits / fruit of

  14. LA RELACIÓN HOJA: FRUTO AFECTA LA PRODUCCIÓN, EL CRECIMIENTO Y LA CALIDAD DEL FRUTO EN DURAZNERO (Prunus persica L. Batsch, cv. ‘Rubidoux’ LEAF TO FRUIT RATIO AFFECTS YIELD, FRUIT GROWTH AND FRUIT QUALITY OF PEACH (Prunus persica L. Batsch, cv. ‘Rubidoux’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fánor Casierra-Posada

    2007-06-01

    Full Text Available El raleo de frutos es un práctica agrícola común en los árboles de melocotón con miras a una cosecha moderada a abundante. Sin embargo, a pesar de las muchas ventajas del raleo, demostradas a lo largo de años de experiencia en la zona templada, esta práctica es a menudo una de las operaciones conducidas de manera ineficiente en el cultivo del duraznero. Árboles de duraznero (Prunus persica L. Batsch cv. ‘Rubidoux’ se ralearon manualmente con el objeto de mejorar la calidad comercial del fruto. Se evaluaron los cambios en el crecimiento del fruto, los sólidos solubles totales, la relación pulpa: semilla, la producción, la calidad del fruto y el diámetro de la fruta, durante una temporada de crecimiento de los frutos según el efecto de la relación hoja: fruto (10; 20; 30; 40 y 50 hojas por fruto, en Guasca - Cundinamarca - Colombia. El raleo se realizó 85 días después de plena floración. Los árboles del tratamiento control no se ralearon. Se observaron diferencias en las curvas de crecimiento del fruto, en el promedio de fruto cosechado, en el peso fresco de los frutos y en su calidad comercial. El contenido de sólidos solubles totales en los frutos y la relación pulpa:semilla aumentaron con el raleo. Al momento de la cosecha, la producción se redujo en los árboles raleados, pero se mejoró la cantidad del fruto comercial. Los tratamientos con 40 y 50 hojas por fruto tuvieron la mayor proporción de frutos de mejor calidad en comparación con los árboles control.Fruit thinning is a standard practice on peach trees carrying a moderate to heavy crop. However, in spite of the many benefits from thinning demostrated through long years of experience in the temperate zone, fruit thinning is too often one of the most unefficiently conducted operations in peach growing. With a view to improve marketable yield and fruit quality, trees of peach (Prunus persica L. Batsch cv. ‘Rubidoux’ were subjected to hand thinning. Changes

  15. Efeito da "mancha-chocolate" nas características físico-químicas e químicas de frutos de abacaxizeiro-'Pérola'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BOTREL NEIDE

    2002-01-01

    Full Text Available A "mancha-chocolate" constitui-se de um novo problema surgido na cultura do abacaxi, cuja causa não foi ainda determinada. Caracteriza-se pelo escurecimento da polpa, tornando o fruto impróprio para a comercialização. A proposta desse trabalho foi caracterizar as transformações físico-químicas e químicas que ocorrem em um fruto afetado pela "mancha-chocolate" a fim de subsidiar futuras pesquisas. Estudaram-se frutos da cultivar Pérola, provenientes de Miranorte'- Tocantins, em quatro estádios de maturação (estádio 1- verde; estádios 2 e 3 -- intermediários; e o estádio 4- maduro. Todos os frutos foram cortados no sentido vertical, sendo posteriormente efetuada uma avaliação visual das lesões decorrentes da "mancha-chocolate", separando-se frutos afetados e aparentemente sadios. Os frutos afetados foram separados em três categorias: frutos com manchas fracas (MF, frutos com manchas moderadas (MM e frutos com manchas intensas (MI . Foram feitas as seguintes avaliações: teores de compostos fenólicos, polifenoloxidase, peroxidase, vitamina C, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, açúcares totais, redutores e não redutores. Verificou-se que os sintomas da "mancha-chocolate" se intensificaram nos frutos mais maduros e caracterizavam-se por apresentar um aumento acentuado no teor de compostos fenólicos e maiores atividades para as enzimas polifenoloxidase e peroxidase, o que conferiu ao problema um distúrbio de natureza fisiológica. Menores teores de vitamina C e de açúcares totais também foram observados nos frutos com manchas severas, quando comparados aos frutos com manchas fracas e os aparentemente sadios.

  16. Caracterização físico-química de frutos de genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Sucupira Maciel

    2010-12-01

    Full Text Available No Brasil, a aceroleira, decorrente principalmente da propagação por sementes, tem dado origem a plantios comerciais cujos frutos apresentam parâmetros de qualidade diferenciados. Características físico-químicas de frutos de 18 genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata DC. do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE foram avaliados. O rendimento em polpa variou de 41,06% (PL 40 a 72,54% (PL 43 e, com exceção do genótipo PL 37, os demais apresentaram frutos com teores de ácido ascórbico superiores a 1000 mg.100 g-1. O genótipo PL 39 destacou-se por apresentar o maior teor de ácido ascórbico (1667 mg.100 g-1, SST e flavonóis (15,04 mg.100 g-1, além de elevado teor de antocianinas, sendo, portanto, o mais promissor. Os frutos do genótipo PL 34 revelaram o maior valor de SST/ATT, indicando ser o mais doce

  17. Características florais e polinizadores na qualidade de frutos de cultivares de maracujazeiro-azedo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Santos de Oliveira Cobra

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar as características florais de oito cultivares de maracujazeiro-azedo e identificar seus polinizadores, bem como avaliar a influência da polinização natural na qualidade dos frutos, na região de Tangará da Serra, MT. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições e uma flor por parcela para avaliar a morfometria, e com quatro repetições e cinco flores por cultivar para determinar o índice de frutificação. Avaliaram-se os seguintes parâmetros: morfologia e morfometria floral, longevidade floral, frequência de visitantes florais, índice de frutificação natural e qualidade de fruto. A morfologia e a morfometria das flores foram compatíveis com a polinização por abelhas de grande porte; também foram compatíveis com a polinização por abelhas de médio porte nas cultivares IAC-275-Maravilha, IAC-277-Jóia, BRS SC1, BRS RC e BRS GA1. A maior longevidade floral foi observada nas cultivares IAC-277-Jóia, BRS GA1, BRS RC e BRS OV1. A frequência de abelhas como Xylocopa (2,0% e Bombus (3,9% foi baixa, e 'BRS GA1' recebeu o maior número de visitas destas abelhas. O índice de frutificação natural foi baixo (36,67%. Os frutos de polinização natural apresentam características físicas compatíveis com as exigidas pelo mercado consumidor.

  18. EFEITO DA TEMPERATURA E DO USO DE EMBALAGEM NA CONSERVAÇÃO PÓS-COLHEITA DE FRUTOS DE CAGAITA (Eugenia dysentericaDC.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    JULIANA DE OLIVEIRA CARNEIRO

    2015-09-01

    Full Text Available RESUMO Eugenia dysenterica DC. (cagaiteira destaca-se entre as espécies nativas do Cerrado por produzir frutos de sabor agradável, os quais podem ser consumidos tanto in natura quanto processados na forma de doces, compotas e geleias. Apesar do potencial econômico, é uma planta pouco explorada, principalmente devido à baixa durabilidade dos frutos. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da embalagem e da temperatura sobre a conservação pós-colheita de frutos de E. dysenterica. Para isto, os frutos de cagaita foram coletados no estádio verde-maduro, ainda ligados à planta-mãe, e levados ao Laboratório de Botânica da Universidade Federal da Bahia, onde foram selecionados quanto à integridade física, ausência de danos mecânicos epatogênicos. Após lavagem em água corrente, os frutos foram secos e acondicionados em bandejas de poliestireno expandido, cobertas por filme de policloreto de vinila (PVC de 10 micras, perfurados e sem perfuração, e em bandejas sem revestimento de PVC. A perfuração foi realizada visando a maior circulação de ar dentro das embalagens. Em seguida, foram armazenados em duas temperaturas, 5 e 25ºC. Para a avaliação da durabilidade dos frutos, foram realizadas avaliações diárias das características físicas e químicas, incluindo coloração, firmeza, pH, perda de massa, altura e diâmetro. O metabolismo de carboidratos também foi avaliado por meio da quantificação dos açúcares solúveis. Os frutos da cagaita apresentaram durabilidade de 5 dias, independentemente dos tratamentos utilizados, sendo que os submetidos à refrigeração apresentaram sintomas de injúria por frio, alteração da coloração e firmeza (25%, redução de pH e do consumo de carboidratos. Já em frutos mantidos a 25ºC, houve amarelecimento completo, perda de firmeza, aumento do pH e maior consumo de carboidratos. Verificou-se que o uso de embalagens, praticamente, não promoveu efeitos ben

  19. Fenólicos totais e capacidade antioxidante in vitro de polpas de frutos tropicais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luanne Morais Vieira

    2011-09-01

    Full Text Available O consumo de frutos e suas polpas tem sido muito recomendado por seu valor nutricional, alto teor de fibras, vitamina C e carotenoides. Trabalhos recentes têm apontado esses alimentos como fontes de compostos fenólicos com ação antioxidante, portanto sequestradores de radicais livres, com ação protetora contra o surgimento e/ou desenvolvimento de processos degenerativos que conduzem a doenças crônicas não transmissíveis. Devido à crescente comercialização e consumo de polpas de frutas no Brasil, especialmente na cidade de Teresina-Piauí, este trabalho selecionou um grupo de polpas de frutos de elevado consumo local para avaliação do teor de fenólicos totais e da atividade antioxidante in vitro pelo método de captura de radicais livres: DPPH (radical 1,1-diphenil-2-picrilhydrazil e ABTS (radical 2,2'azinobis(3-ethylbenzthiazoline-6-sulfonic acid. Os frutos selecionados foram: Acerola (Malpighia emarginata DC., Bacuri (Platonia insignis Mart., Cajá (Spondias mombin L., Caju (Anacardium occidentale, Goiaba(Psidium guajava e Tamarindo (Tamarindus indica L.. Os teores de fenólicos totais encontrados nas polpascongeladas destes frutos exibiram quantidades relevantes de polifenóis, destacando-se a polpa de acerola com 835,25 ± 32,44 e 449,63 ± 10,24 mg /100g nos extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente, seguido pela polpa de caju com 201,61 ± 19,15 e 165,07 ± 4,10 mg /100g. As polpas de bacuri e tamarindo foram as que apresentaram os menores teores de fenólicos totais. Com relação à atividade antioxidante in vitro, os melhores resultados foram encontrados para os extratos aquosos e hidroalcoólicos das polpas de acerola, caju e goiaba. A capacidade antioxidante destas polpas (EC50 em µg/mL variou de 24,42 a 413,36 e de 1,74 a 259,18 para os extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente. Utilizando o radical ABTS, a atividade antioxidante para essas mesmas polpas de frutas apresentou valores TEAC que

  20. Búsqueda de genes de resistencia al pasador del fruto en poblaciones segregantes de tomate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Milena Rodríguez Mora

    2010-07-01

    Full Text Available Las estrategias de mejoramiento genético para encontrar resistencia al pasador del fruto, Neoleucinodes elegantalis, en tomate, Solanum lycopersicum L. se han basado en métodos tradicionales de introgresión genética por medio de retrocruzamiento. Sin embargo este proceso es largo y dispendioso. Debido a esta problemática, se utilizó la técnica molecular cDNA-AFLP para identificar genes involucrados en la resistencia a esta plaga en poblaciones segregantes de tomate, con el fin de identificar marcadores moleculares que puedan ser utilizados en futuros programas de fitomejoramiento. Los materiales de tomate evaluados fueron Unapal-Maravilla (susceptible, S. habrochaites var. glabratum, accesión PI 134418 (resistente y tres retrocruzamientos obtenidos del cruzamiento interespecífico entre ambas especies. De estos materiales vegetales se extrajo el RNA total y se sintetizó el cDNA, el cual se utilizó como material de inicio de la técnica cDNA-AFLP. A partir del preamplificado de cDNA se evaluaron diferentes combinaciones de primers: +1+1, +3+3 y sus derivados. La combinación que presentó mejores amplificados fue la +1+1, para un total de 37 bandas polimórficas. De estas bandas, 9 fragmentos tipo EST (Expressed Sequence Target fueron recuperados, siendo candidatos a explicar la resistencia al pasador del fruto en tomate.

  1. Caracterização biométrica, física e química de frutos da palmeira bocaiuva Acrocomia aculeata (Jacq Lodd

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Janet Sanjinez-Argandoña

    2011-09-01

    Full Text Available Frutos de palmeira bocaiuva (Acrocomia aculeata (Jacq. Lodd., coletados em Dourados (MS e Presidente Epitácio (SP, foram analisados quanto ao aspecto biométrico, a composição química e as características físicas, visando a avaliar seu potencial alimentício. Os frutos de bocaiuva das regiões de procedência não apresentaram diferenças significativas entre si nas características biométricas. O rendimento médio da polpa foi de 42% em relação ao fruto inteiro, sendo superior ao encontrado na literatura para outros frutos de palmeiras. As determinações físicas e químicas da polpa dos frutos das regiões de Mato Grosso do Sul e São Paulo caracterizam a polpa como sendo pouco ácida (pH 5,70 a 6,29. As amostras de Dourados - MS, foram consideradas mais doces (14,53% de açúcares redutores totais e com maior teor de vitamina C (34,57 mg.100 g-1 em relação às amostras de Presidente Epitácio-SP (11,46 mg.100 g-1. Porém, a intensidade da cor amarelo-laranja foi maior na polpa dos frutos de Presidente Epitácio (SP, sugerindo maior conteúdo de carotenoides.

  2. ATRIBUTOS FÍSICO-QUÍMICOS E ACEITABILIDADE DOS FRUTOS DE FIGUEIRAS CULTIVADAS NA ESPANHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Euzébio de Souza

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar as características físico-químicas e sensoriais dos frutos de quatro variedades de figueira (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro e Tiberio cultivadas no sudeste da Espanha. Para este estudo foram utilizados figos oriundos de uma área experimental da Escola Politécnica Superior de Orihuela da Universidade Miguel Hernández de Elche/Espanha. Os frutos foram avaliados no Laboratório de Pós-Colheita da Universidade Politécnica de Cartagena/Espanha. Foram mensuradas características como firmeza, pH, sólidos solúveis, açúcares, polifenóis totais, capacidade antioxidante e a análise sensorial dos frutos de quatro variedades de figueiras. Foram considerados 4 tratamentos (variedades e 3 repetições por tratamento, para cada repetição foram utilizados 5 frutos. Os frutos da variedade Tiberio mostraram menor firmeza e baixa qualidade sensorial, indicando menor aceitabilidade. As variedades Colar e Cuello de Dama Negro apresentaram frutos com maiores teores de polifenóis totais e capacidade antioxidante. Palavras-chave: Ficus carica L, qualidade, análise sensorial.   PHYSICO-CHEMICAL ATTRIBUTES AND ACCEPTABILITY OF FIG FRUITS CULTIVATED IN SPAIN ABSTRACT The aim of this study was to analyze the morphological, physicochemical and sensory characteristics of four fig fruits varieties grown in southeast Spain. For this study were used fig fruits coming from the experimental area of Orihuela Polytechnic School, University Miguel Hernández of Elche/Spain. After harvesting the fruits were brought to the Postharvest laboratory of Cartagena Polytechnic University/ Spain, where the weight characterization, longitudinal and equatorial diameter, ostiole diameter (morphological, consistency, pH,  soluble solids,  sugars, total polyphenols and antioxidant capacity (physico-chemical , , was performed, and sensory analysis of four fig fruits varieties (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro and Tiberio

  3. Remoção de sólidos em suspensão na água residuária da despolpa de frutos do cafeeiro em filtros constituídos por pergaminho de grãos de café submetido a compressões Removal of suspended solids in the wastewater of the coffee shrub cherry pulping by filters constituted by parchment of the coffee beans subjected to compressions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio T. de Matos

    2006-08-01

    Full Text Available A remoção de sólidos em suspensão é fundamental para que se possa aplicar a água residuária gerada na despolpa de frutos do cafeeiro (ARC na fertirrigação de culturas agrícolas. Dentre as opções disponíveis para efetuar a remoção de SS da ARC, está o uso de filtros orgânicos. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência do grau de compressão na redução do volume e na eficiência do pergaminho, utilizado como material filtrante, na remoção de sólidos em suspensão (SS na ARC. Numa primeira etapa, foram realizados ensaios nos quais corpos-de-prova de pergaminho triturado (retido entre as peneiras de 2,5 e 3 mm e não-triturado (na condição em que é produzido foram submetidos a diferentes compressões para a redução do volume das colunas filtrantes em 5; 10; 15; 20; 25 e 28%. Numa segunda etapa, os corpos-de-prova foram utilizados como material filtrante da ARC para a avaliação da sua capacidade de remoção de SS presentes nessa água residuária. O pergaminho triturado ofereceu maior resistência à compressão e proporcionou, para as mesmas reduções volumétricas no material filtrante, maior eficiência na remoção de SS da ARC do que o pergaminho não-triturado. Reduções na faixa de 10% a 15% no volume do filtro constituído por pergaminho triturado foram suficientes para obter satisfatórias eficiências na remoção de SS da ARC, enquanto, para filtros constituídos de pergaminho não-triturado, as reduções de volume devem ser superiores a 25%.The removal of suspended solids (SS is fundamental to apply the wastewater from the coffee shrub cherry pulping (ARC on agricultural crops fertigation. Among the available options for the removal of SS from ARC is the use of organic filters. This study was carried out to evaluate the influence of the compression degree on either volume reduction or parchment efficiency, when used as medium filter for the removal of suspended solids (SS in

  4. Controle de Cerconota anonella (Sepp. (Lep.: Oecophoridae e de Bephratelloides pomorum (Fab. (Hym.: Eurytomidae em frutos de pinha (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letice Souza da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available A pinha, Annona squamosa L., é uma frutífera tropical da família anonácea, cujo mercado tem-se ampliado a cada ano, sendo cultivada expressivamente na região Nordeste, onde pequenos produtores a têm como principal fonte de renda. Entretanto, problemas causados pelas duas pragas-chave, Cerconota anonella (Sepp.,1830 (Lepidoptera: Oecophoridae e Bephratelloides pomorum (Fab.,1808 (Hymenoptera: Eurytomidae, têm limitado a produção e, consequentemente, a comercialização dos frutos. No intuito de minimizar essas perdas, um experimento de campo foi realizado em Maceió, Estado de Alagoas, Brasil, para avaliar diferentes formas de controle para estas pragas. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados, com oito tratamentos e quatro repetições. Cada repetição correspondeu a quatro frutos, totalizando dezesseis frutos por tratamento. Os tratamentos foram: frutos sem proteção (testemunha; saco de papel branco impermeável aberto; saco plástico microperfurado; saco de TNT (tecido não tecido branco aberto; saco de TNT vermelho aberto; gaiola de arame revestida com tecido voile; inseticida Profenofós (12g/L-1 + Cipermetrina (1,2 g/L-1 e caulim (10 g/ 100 mL-1. Foram avaliadas as seguintes variáveis nos frutos: números de orifícios causados pelas pragas, peso, comprimento, diâmetro, percentagem de frutos colhidos e o custo do tratamento por unidade. Os melhores resultados foram obtidos com o saco de TNT vermelho aberto, obtendo-se 87,50% de frutos comercializáveis. O saco plástico microperfurado teve o menor custo, porém sua fragilidade impede a reutilização nas safras seguintes. Assim, indica-se o saco de TNT vermelho aberto como o mais econômico e eficiente.

  5. Compostos fenólicos e capacidade antioxidante em frutos de tomateiros mutantes fotomorfogenéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Dias

    2015-05-01

    Full Text Available Compostos fenólicos e capacidade antioxidante são mecanismos de defesa das plantas aos danos do estresse oxidativo. Os compostos fenólicos são sintetizados pela via dos fenilpropanoides, cuja enzima chave, fenilalanina amônia liase, é influenciada pela luz e ação de fotorreceptores, como o fitocromo. O objetivo do presente trabalho é avaliar a concentração de compostos fenólicos e a capacidade antioxidante de frutos de microtomateiro selvagem, cultivar "Micro-Tom" (MT, e seus mutantes fotomorfogenéticos high pigment 1 (hp1, super-responsivo a eventos mediados por luz e aurea (au, deficiente quantitativo em fitocromos. Vinte frutos maduros de cada genótipo (MT, hp1 e au foram utilizados para as análises, realizadas em triplicata. Para quantificação dos compostos fenólicos totais, foi utilizado o método de Folin-Ciocalteu e a capacidade antioxidante foi realizada pelos métodos Ferric Reducing Antioxidant Power (FRAP e 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH. Os frutos do mutante hp1 apresentaram maiores conteúdos de compostos fenólicos totais e também maior capacidade antioxidante em relação à cultivar selvagem ("MT" e ao mutante au, o qual não diferiu significativamente da cultivar "MT".

  6. ESTIMATIVA DE REPETIBILIDADE PARA RENDIMENTO DE POLPA E CARACTERES BIOMÉTRICOS DE FRUTOS E SEMENTES DE Euterpe edulis.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Bravim Canal

    2017-03-01

    Full Text Available O Euterpe edulis (Arecaceae é uma espécie ameaçada de extinção, sobretudo pela exploração indiscriminada de seu palmito. O manejo do fruto surge como alternativa para contornar esta problemática, uma vez que possibilita a geração de renda e mantem os indivíduos vivos. Porém, pouco se sabe sobre os caracteres produtivos desta espécie. Objetivou-se caracterizar as variáveis relacionadas aos frutos e definir o tamanho mínimo de amostras para estas avaliações pela estimativa de repetibilidade. Foram avaliados caracteres de frutos e sementes de 138 genótipos (diâmetro equatorial e longitudinal, massa fresca, volume, intensidade de cor e o rendimento de polpa. Os caracteres avaliados apresentaram elevada variação. O rendimento de polpa de E. edulis é, em média, de 20,94%. O esforço experimental do presente trabalho foi maior que o necessário para todas as características, exceto para o rendimento de polpa, que exigiu maiores repetições para níveis de confiabilidade acima de 90%.

  7. Frutos tropicales como fuente de carotenoides: biosíntesis, composición, biodisponibilidad y efectos del procesamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Chacón Ordóñez

    2013-06-01

    Full Text Available Los carotenoides son compuestos sintetizados a partir del isopentenil difosfato y pueden ser encontrados en una gran diversidad de frutos. Estos pigmentos han sido de interés por sus beneficios en la salud y sus aplicaciones en la industria alimentaria. Existen muchos factores que pueden afectar su concentración y biodisponibilidad para el ser humano; entre ellas las condiciones de cultivo, el manejo poscosecha y el procesamiento que se les dé a los frutos antes de ser consumidos. Esta revisión se enfoca en los conocimientos actuales sobre aspectos relevantes de los carotenoides en diferentes frutos tropicales como la acerola (Malpighia sp., camu-camu (Myrciaria dubia, mango (Mangifera indica, naranjilla (Solanum quitoense, papaya (Carica papaya, pitanga (Eugenia uniflora, pejibaye (Bactris gasipaes H.B.K., ora-pro-nobis (Pereskia aculeata y zapote mamey (Pouteria sapota, para presentar el estado del conocimiento y recomendar aspectos importantes para futuras investigaciones en este campo.

  8. Frutos tropicales como fuente de carotenoides: biosíntesis, composición, biodisponibilidad y efectos del procesamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Chacón Ordóñez

    2013-01-01

    Full Text Available Los carotenoides son compuestos sintetizados a partir del isopentenil difosfato y pueden ser encontrados en una gran diversidad de frutos. Estos pigmentos han sido de interés por sus beneficios en la salud y sus aplicaciones en la industria alimentaria. Existen muchos factores que pueden afectar su concentración y biodisponibilidad para el ser humano; entre ellas las condiciones de cultivo, el manejo poscosecha y el procesamiento que se les dé a los frutos antes de ser consumidos. Esta revisión se enfoca en los conocimientos actuales sobre aspectos relevantes de los carotenoides en diferentes frutos tropicales como la acerola (Malpighia sp., camu-camu (Myrciaria dubia, mango (Mangifera indica, naranjilla (Solanum quitoense, papaya (Carica papaya, pitanga (Eugenia uniflora, pejibaye (Bactris gasipaes H.B.K., ora-pro-nobis (Pereskia aculeata y zapote mamey (Pouteria sapota, para presentar el estado del conocimiento y recomendar aspectos importantes para futuras investigaciones en este campo.

  9. Producción de frutos y semillas de dos especies arbóreas nativas en un bosque mesófilo de montaña de Veracruz, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yureli García-De La Cruz

    2015-07-01

    Full Text Available Se estimó y comparó la producción de frutos y semillas de una muestra de árboles pertenecientes a Alchornea latifolia y Liquidambar styraciflua en un bosque de niebla en la zona centro del estado de Veracruz. Los individuos se seleccionaron con base en sus características fenotípicas; se tomaron datos estructurales (diámetro a la altura del pecho, altura y cobertura y éstas se compararon con la producción semillera en cada especie. Se estimó una producción de 70 380 frutos, 140 760 semillas y 6.02 kg por árbol en Alchornea latifolia y, 5 738 frutos, 303 218 semillas y 0.7 kg por árbol en Liquidambar styraciflua. Ninguna de las variables estructurales de los árboles superiores contribuyó a explicar la producción de frutos y semillas. Sin embargo, la variación entre individuos (identidad del árbol contribuyó a explicar las diferencias observadas en la producción de infrutescencias por rama, el número de semillas por infrutescencia, así como el peso de las semillas por infrutescencia en ambas especies.

  10. Free radical scavengers from the aerial parts of Grammosciadium platycarpum Boiss. & Hausskn. (Apiaceae and GC-MS analysis of the essential oils from its fruits Substâncias eliminadoras de radicais livres das partes aéreas de Grammosciadium platycarpum Boiss. & Hausskn. (Apiaceae e análise por CG-MS dos óleos essenciais de seus frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hossein Nazemiyeh

    2009-12-01

    Full Text Available Grammosciadium platycarpum Boiss. & Hausskn (Apiaceae is one of three endemic Iranian species of the genus Grammosciadium DC. Consumption of the aerial parts of this plant affects renal function and causes diuresis. In the DPPH assay the methanol extract showed the highest level of free radical scavenging activity (RC50 = 1.196 x 10-2 mg/mL among the extracts. Reversed-phase preparative HPLC analyses of the methanol extract yielded nine flavonoids, which were responsible for the free radical scavenging activity of the MeOH extract. The GC-MS analyses of the essential oils led to the identification of 29 terpenoids, mainly monoterpenes (non-oxygenated 3.97% and oxygenated 77.49% accounting for over 96% of the total oils.Grammosciadium platycarpum Boiss. & Hausskn (Apiaceae é uma das três espécies endémicas no Irã do gênero Grammosciadium DC. Consumo da parte aérea da planta afeta a função renal e causa diurese. No ensaio por DPPH o extrato metanólico apresentou o maior nível de atividade de antioxidante por radicais livres (RC50 = 1,196 x 10-2 mg/mL entre os extratos. Análises por HPLC preparativa de fase reversa do extrato metanólico resultou no isolamento de nove flavonóides, os quais foram responsáveis pela atividade de antioxidante do extrato metanólico. A análises por CG-EM dos óleos essenciais levou à identificação de 29 terpenóides, principalmente monoterpenos (não-oxigenados 3,97% e oxigenados, 77,49%, os quais representam mais de 96% do total de óleos.

  11. Efeitos dos frutos da Solanum lycocarpum St. Hil. em ratas prenhes e sua prole durante a gestação e início da lactação: alterações na esfera reprodutiva e na atividade dos sistemas monoaminérgicos centrais

    OpenAIRE

    Aline Schwarz

    2005-01-01

    A Solanum lycocarpum St. Hil (Solanaceae) é uma planta nativa do cerrado brasileiro, cujos frutos possuem os glicoalcalóides esteroidais solasonina e solamargina. É possível que a ingestão de frutos que contenham esses glicoalcalóides possam interferir no equilíbrio do sistema endócrino. O presente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar os possíveis efeitos tóxicos provenientes da ingestão diária de frutos verdes da S. lycocarpum (10% na ração) por ratas prenhes, a partir do 6° dia da...

  12. Métodos de destruição de restos de cultura do algodoeiro e sobrevivência do bicudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edenilson Batista Ribeiro

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de métodos de destruição dos restos de cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum para a redução da população remanescente do bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis. O experimento foi conduzido em blocos ao acaso, com quatro repetições e cinco tratamentos: roçagem, com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina; roçagem, com aplicação de 2,4-D e glifosato; roçagem e gradagem; roçagem, com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina, além de gradagem; e testemunha (sem destruição. A quantidade de bicudos foi determinada após a destruição dos restos de cultura do algodão, por contagem dos insetos capturados nas armadilhas de feromônio e daqueles encontrados dentro dos carimãs, no interior das gaiolas e na área externa. O número médio de bicudos adultos, capturados nas armadilhas de feromônio no interior das gaiolas, variou de 0,71 a 1,35 indivíduos. O maior número de carimãs e de bicudos dos carimãs, dentro e fora das gaiolas, foi observado na testemunha. Já o menor número de insetos foi observado nos tratamentos com gradagem e roçagem e naqueles com roçagem e gradagem com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina, que são eficientes na redução de carimãs e de adultos do bicudo. Todos os métodos avaliados reduzem a quantidade de bicudos vivos no interior de carimãs.

  13. COMUNICACIONES CORTAS TERPENOS ISLADOS DE LOS FRUTOS DE CLUSIA ssp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime González

    2010-10-01

    Full Text Available Se aislaron triterpenos de los frutos de tres especies de Clusia (familia Guttiferae. En C.multlflora y C. grandiflora se encontraron eufenol, epímero en C-20 del tirucallol, y 3 ceto eufano antes no reportados para este género. También se encontró isocariofileno en C. grandiflora.

  14. Procesos biol??gicos implicados en el control de la maduraci??n y calidad de frutos de pimiento (Capsicum Annuum L.): Prote??mica y antioxidantes

    OpenAIRE

    ??lvarez de Morales D??vila Ponce de Le??n, Mar??a de la Paz

    2015-01-01

    La maduraci??n de la mayor??a de las especies del g??nero Capsicum est?? caracterizada por un intenso metabolismo, emisi??n de compuestos vol??tiles, destrucci??n de las clorofilas y s??ntesis de nuevos pigmentos, formaci??n de pectinas, s??ntesis de prote??nas, alteraci??n en el sabor, etc. El proceso de maduraci??n ha sido objeto de inter??s de muchos investigadores, no solo por los espectaculares cambios que sufren los frutos, sino por la complejidad del mecanismo de bios??ntesis de capsan...

  15. CALIDAD DE FRUTOS DE MATERIALES COMERCIALES DE PAPAYA ROJA PRODUCIDOS EN YUCATÁN, MÉXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santamaría

    2015-01-01

    Full Text Available La variedad Maradol es la principal papa - ya cultivada en México y uno de los principales cultivos del estado de Yucatán. Presenta algunos inconvenientes, como la susceptibilidad a viro - sis, por lo que se buscan nuevos materiales que puedan superar en rendimiento a Maradol, pero es necesario que presenten características de cali - dad similares. El objetivo del presente trabajo fue evaluar las características de calidad de los fru - tos de nuevos genotipos producidos en Yucatán. Se usaron 6 materiales comerciales (Maradol, Sensation, Intenzza, Siluet, Lenia Plus y Jíbara y 2 híbridos generados por INIFAP (Azteca y MSXJ. Se evaluó el tamaño de los frutos, color de cáscara y pulpa, firmeza de la pulpa y conte - nido de sólidos solubles totales. En el tamaño de frutos, excepto Jíbara que es muy grande (2,900 kg y Siluet que es muy pequeño (1,200 kg, los 6 materiales restantes fueron similares a Maradol. En color de la cás - cara, Intenzza y Siluet presentaron tono similar a Maradol (65 a 67º pero fueron más luminosos. Siluet y Sensation tuvieron mayor contenido de grados Brix que Maradol, pero también menor firmeza de la pulpa. Considerando el tamaño de los frutos, la firmeza de la pulpa, el contenido desólidos solubles totales y el color de la cáscara y pulpa, los genotipos Sensation, Lenia Plus y MSXJ presentan buenas características, por lo que pueden competir en calidad con la variedad Maradol.

  16. Nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Catarina' conduzidas sob manejo integrado e orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João José Stüpp

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos dos sistemas de manejo integrado e orgânico sobre atributos de nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de maçãs 'Catarina'. O estudo foi realizado em São Joaquim-SC, ao longo das safras de 2008/2009 e 2009/2010. O porta-enxerto era Marubakaido, com filtro de EM-9, e as macieiras conduzidas, em líder central. Os atributos do solo eram adequados ao desenvolvimento e produção das macieiras em ambos os sistemas. O sistema de manejo orgânico aumentou o teor de Cu nas folhas e Ca e Cu na casca e polpa dos frutos, a área de cor vermelha na epiderme dos frutos e a incidência de frutos com queimaduras por sol e com danos por mosca-das-frutas. O índice iodo-amido e o teor de sólidos solúveis foram superiores nos frutos do sistema orgânico. O manejo orgânico reduziu a área foliar média das plantas, e nos frutos reduziu as relações K/Ca, Mg/Ca, N/Ca e (K+Mg/Ca na casca e Mg/Ca na polpa, a severidade de "russeting", o número de sementes e a acidez titulável. Não houve diferenças quanto aos demais atributos avaliados. A produção orgânica de maçãs é viável, desde que disponível tecnologia eficaz para o controle da mosca-das-frutas.

  17. Avaliação da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira Evaluation of thinning intensity on loquat fruit quality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aexandre Manzoni Grassi

    2010-01-01

    Full Text Available A nespereira é uma frutífera de origem subtropical, porém com ampla adaptação a regiões de clima temperado com temperaturas baixas pouco rigorosas. Possui inflorescência que origina uma quantidade de frutos superior ao que pode suportar a árvore, produzindo elevada quantidade de frutos de baixo calibre, sendo necessário o raleio de frutos para a melhoria da qualidade. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira. Avaliaram-se as respostas de cinco cultivares e uma seleção de nespereira a quatro intensidades de raleio de frutos (4, 6, 8 e 10 frutos por panícula. As panículas foram selecionadas em relação ao tamanho (aproximadamente 1,5 cm de diâmetro e ensacadas utilizando-se papel jornal. Todas as panículas foram raleadas e ensacadas no mesmo dia. A colheita foi realizada quando os frutos estavam maduros, no ponto de consumo. Foram avaliados comprimento e diâmetro do fruto, massa do fruto e da semente, pH, acidez titulável e teor de sólidos solúveis. Conclui-se que a melhor qualidade de frutos pode ser obtida quando as panículas são raleadas com intensidades de 4 frutos, os quais resultam em maior comprimento, diâmetro e massa. As variáveis massa da semente, pH, acidez titulável e sólidos solúveis não foram afetadas pela intensidade de raleio.Loquat is a fruit of subtropical origin, but with wide adaptation in temperate regions with low, fairly rigorous temperatures. It presents an inflorescence that leads to higher quantity of fruit than the tree can support, resulting in a high quantity of low caliber fruit. To increase the fruit size is necessary to realize the thinning. Thus, the objective of this work was to evaluate the effects of thinning intensities on the loquat fruit quality. It was studied five cultivars and one loquat selection and four thinning intensities (4, 6, 8, and 10 fruit per panicle. Panicles were selected according to equivalent sizes (1.5 cm

  18. Posibles factores que producen la caída de fruto de Myrciaria dubia (HBK Mc Vaugh, "camu camu" durante la fenología reproductiva de la colección "cinco cuencas" en el centro experimental San Miguel - IIAP, Loreto, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Farro

    2010-01-01

    Full Text Available Se evaluaron plantas de “camu camu” en cinco cuencas de Loreto (Perú, según el porcentaje de frutos con síntomas de infestación por plagas, la retención de flores y frutos en cada una de las cuencas y diámetros de ramas, y la influencia de la precipitación y temperatura en el proceso de caída de frutos según el estado fenológico. En el factor genético, la cuenca del río Putumayo destacó por presentar mayor retención de frutos, mayor rendimiento y peso promedio de frutos, así como menor ataque por plagas. Durante el proceso fenológico que duró 12 semanas, la etapa crítica de caída de flores y frutos ocurrió durante las primeras 7, siendo la retención de flores del 5.12%. Las plagas observadas son causantes del 9.27% de la caída, siendo el 9.15% causada por Edessa sp., y 0.12% por Conotrachellus dubiae. El otro 90.73% fue originado por otros factores no determinados tales como fisiológicos, nutritivos, competencia, vientos, lluvia. Los factores ambientales de temperatura y precipitación, ejercen una influencia directa e inversamente proporcional a la caída de frutos, respectivamente.

  19. Reguladores vegetais e o desbaste químico de frutos de tangor murcote Plant growth regulators and 'Honey' orange fruit chemical thinning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Christian Serpa Domingues

    2001-09-01

    Full Text Available O tangor 'Murcote' apresenta necessidade de desbaste de frutos devido a alternância de produção, caracterizado por anos de excessiva produção intercalado com anos de baixa produção, evitando assim, a diminuição da qualidade dos frutos. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de reguladores vegetais, a auxina ANA (ácido naftalenacético e ethephon (etileno no desbaste químico de frutos de tangor 'Murcote' aplicado 40 dias após o pleno florescimento. O experimento foi conduzido em Pratânia, SP, onde plantas de 5 anos de idade, enxertadas sobre o limoeiro 'Cravo', foram pulverizadas com ANA a 0, 100, 200, 300 e 400 mg L-1 e com ethephon a 200, 300 e 400 mg L-1, ambos em solução aquosa juntamente com adjuvante não iônico a 0,05%. A contagem dos frutos foi realizada previamente aos tratamentos em 2 ramos marcados por planta. O ANA não interferiu significativamente no desbaste de frutos, com porcentagens de queda variando entre 7 a 14%, enquanto que as pulverizações com ethephon mostraram maior eficiência no desbaste de frutos, principalmente na dose de 400 mg L-1, promovendo 66,6% de queda de frutos, sem contudo induzir a abscisão foliar. As doses inferiores de ethephon também promoveram desbaste de frutos da ordem de 40%. As porcentagens de queda de frutos foram pequenas, para plantas pulverizadas com ANA, enquanto que a aplicação de ethephon promoveu maior eficiência no desbaste de frutos.Alternate bearing is an important caracteristic of some mandarins that reduces fruit quality and yield in tangor Murcott, and to reduce this effect is necessary to perform fruit thinning to avoid high and low production year by year. To evaluate the effects of plant growth regulators on fruit thinning of the 'honey' orange, an auxin (NAA-naphthalene acetic acid and ethephon (ethylene, were applied 40 days after full bloom in an experiment carried out at Pratania, S.P., Brazil. Five-year-old plants grafted on Rangpur

  20. Desenvolvimento do fruto da lichieira (Litchi chinensis Sonn. 'Bengal' Fruit development in 'Bengal' litchi (Litchi chinensis Sonn.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Carlos Chamhum Salomão

    2006-04-01

    Full Text Available Estudou-se o desenvolvimento do fruto da lichieira (Litchi chinensis Sonn. 'Bengal'. Realizaram-se amostragens semanais, com início aos 35 dias após a antese e término no início da senescência dos frutos. A partir do 77º dia após a antese, os frutos foram decompostos em pericarpo, semente e arilo. A antese ocorreu na primeira semana de setembro. Foram ajustados modelos sigmoidais simples para acúmulo de matéria seca, comprimento e diâmetro. Para o acúmulo de matéria seca, uma fase inicial, de crescimento lento, prolongou-se até o 63º dia após a antese e coincidiu com um período de intensa queda natural de frutos. Do 63º ao 98º dia após a antese, houve uma fase de rápido acúmulo de matéria seca. Até o 77º dia, pericarpo e semente foram os principais responsáveis pelo acúmulo de matéria seca. Oitenta e oito por cento do comprimento e 65% do diâmetro máximos foram atingidos nesse período. Do 84º ao 98º dia após a antese, o desenvolvimento do fruto foi determinado basicamente pelo arilo. As dimensões e a matéria seca do fruto estabilizaram-se a partir do 98º dia após a antese. O ponto de colheita comercial dos frutos, caracterizado pela coloração avermelhada do pericarpo, ocorreu a partir do 112º dia após a antese. Verificou-se um quadro senescente nos frutos a partir do 119º dia após a antese.It was studied the fruit development in 'Bengal' litchi (Litchi chinensis Sonn.. The samples were taken weekly 35 days after anthesis until the beginning of fruit senescence. From the 77th day after anthesis, fruits were decomposed in pericarp, aril and seed. Anthesis occurred in the first week of September. The fruit dry matter, length and diameter followed a single-sigmoid pattern. For dry matter accumulation, an initial phase, of slow growth, ended the 63rd day after anthesis and was coincident with a period of intense fruit drop. The next phase occurred from the 63rd to the 98th day and showed a rapid dry matter

  1. Revestimentos de fécula de mandioca, perda de massa e alteração da cor de frutos de pimentão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicentini Nívea Maria

    1999-01-01

    Full Text Available Uma proposta em estudo para minimizar as perdas pós-colheita, é o uso de revestimentos derivados da fécula de mandioca. Frutos de pimentão (Capsicum annuum L. cultivar Magali, foram mergulhados (1 minuto em suspensões a 1 e 3% de fécula geleificada, secos naturalmente ao ar e armazenados em condições ambientais onde a temperatura média do período variou de 20,2-21,8°C. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 3 tratamentos, 6 repetições e 5 frutos por parcela. As análises de controle (perda de massa e alteração da coloração, foram feitas a cada dois dias por um período de 10 dias. Os frutos com película a 3%, apresentaram inibição no desenvolvimento da coloração vermelha; porém não houve efeito sobre a perda de massa.

  2. FUERZA IÓNICA DE LA SOLUCIÓN NUTRITIVA Y DENSIDAD DE PLANTACIÓN SOBRE LA PRODUCCIÓN Y CALIDAD DE FRUTOS DE Physalis peruviana L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Delma Araceli Gastelum-Osorio

    2013-01-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto de la solución nutritiva Steiner (SN a 25, 50, 75 y 100 % de su concentración original, en combinación con 4, 6 y 8 plantas·m-2 en un diseño experimental completamente al azar sobre el rendimiento y desarrollo de Physalis peruviana L. La investigación se condujo bajo invernadero de junio de 2010 a julio de 2011. Se cultivó el ecotipo Colombia en bolsas de plástico negro con tezontle y riego por goteo. Se evaluaron las variables rendimiento, número de frutos por planta, peso de frutos con cáscara y sin ella, y peso promedio del fruto. Para conocer la absorción nutrimental del cultivo se realizaron muestreos de hoja en etapa vegetativa (EV y etapa reproductiva (ER, y se determinaron los contenidos de N, P, K, Ca, Mg, Fe, Mn, Zn y B. Las variables de calidad fueron sólidos solubles totales (SST; °Brix y pH del fruto. Se observaron diferencias significativas para las variables de rendimiento. El mayor rendimiento se obtuvo con la SN completa con 8 plantas·m-2. Con la SN al 75 y 100 % con 4 plantas·m-2 se obtuvo el mayor peso individual de fruto. En la EV la SN afectó la concentración de N, K, Mg, Fe y B, y la densidad influyó en la concentración de K. Durante la ER hubo diferencias en la concentración de K, P, Mg y Mn, debidas a la SN, y el Fe fue afectado por la densidad. Los SST y el pH del fruto no mostraron diferencias significativas.

  3. Morphoanatomy and ontogeny of fruit in Bromeliaceae species Morfoanatomia e ontogenia de fruto em espécies de Bromeliaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natividad Ferreira Fagundes

    2010-09-01

    , seis linhas de deiscência e três feixes vasculares por carpelo. Aechmea calyculata e Billbergia nutans possuem frutos do tipo baga, com exocarpo e hipoderme como camadas mecânicas e muitos feixes vasculares por carpelo. Diversos caracteres úteis para a taxonomia de Bromeliaceae foram destacados, sendo os frutos ótimas ferramentas para a delimitação, principalmente, de gêneros e subfamílias. Em relação às cápsulas de Bromeliaceae, as macroesclereídes são firmadas como estruturas marcantes do pericarpo e a anatomia do fruto está intimamente relacionada ao tipo de deiscência. Os espessamentos de parede celular em "U" demonstram um caráter comum na família e passam a constar como estruturas ocorrentes também em frutos de monocotiledôneas.

  4. Morangos produzidos no semiárido de Minas Gerais: qualidade do fruto e da polpa congelados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ariane Castricini

    2017-08-01

    Full Text Available Resumo O congelamento de morangos inteiros ou em polpa pode fornecer matéria-prima para sua utilização em iogurtes, recheios, coberturas, sorvetes e sucos, fora da safra. Entretanto, ainda que o consumo não seja in natura, a qualidade do produto final deve ser satisfatória. Objetivou-se avaliar a qualidade de morangos produzidos no Semiárido de Minas Gerais, congelados inteiros e em polpa, durante o armazenamento. Frutos das cultivares Tudla, Oso Grande, Albion e Portola foram produzidos em Mocambinho, distrito de Jaíba-MG, após a colheita, foram lavados, embalados (inteiros ou polpa a vácuo e congelados por até 180 dias. Os tratamentos foram constituídos por cultivares (c e dias de armazenamento (d, constituindo fatorial duplo c × d, em que se utilizaram três repetições de 10 frutos por parcela ou três polpas embaladas, para as avaliações de frutos congelados inteiros e em polpa, respectivamente. A intensidade da cor vermelha dos morangos inteiros ou em polpa reduziu-se durante o armazenamento (redução de °hue; quando inteiros, ‘Tudla’, ‘Oso Grande’ e ‘Portola’ foram vermelhos mais claros que ‘Albion’, mas, em polpa, não ocorreu diferença entre ‘Tudla’ e ‘Albion’. Morangos ‘Oso Grande’ armazenados inteiros ou em polpa tiveram maior teor de sólidos solúveis em relação àqueles das demais cultivares, e ‘Portola’, o menor teor e a menor acidez titulável (quando inteiros. ‘Tudla’ apresentou frutos e polpa mais ácidos. Durante o armazenamento de morangos congelados inteiros ou em polpa, produzidos no Semiárido de Minas Gerais, ocorreram modificações nos parâmetros cor, sólidos solúveis e acidez titulável.

  5. Início da produção de frutos de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC implantada em Goiânia, Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eli Regina Barboza de Souza

    2013-09-01

    Full Text Available A cagaiteira é uma planta nativa do Cerrado, adaptada às condições impostas por este bioma, principalmente de sobreviver e produzir em solos muito pobres em nutrientes e em um regime de chuvas com um período acentuado de baixa precipitação. A planta é rústica, ornamental e com alta tolerância ao fogo. Seus frutos são apreciados ao natural e utilizados nos mais diversos tipos de alimentos processados. No entanto, pouco se conhece sobre quanto tempo esta espécie demora a entrar na fase reprodutiva. Este trabalho propõe-se a avaliar o início da produção de frutos de cagaiteiras implantadas na área experimental da Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás-Goiânia, Goiás, Brasil, entre 2003 e 2008, quando as plantas apresentavam de cinco a dez anos de idade. Para a implantação do experimento, foram coletados frutos em dez áreas da região sudeste do Estado de Goiás e plantadas em um desenho de blocos casualizados, com uma planta por parcela, em quatro blocos, em espaçamento de 6,0 m x 6,0 m. As cagaiteiras apresentaram alta desuniformidade para iniciar sua produção. No quinto ano após o plantio, somente 5,2% das plantas entraram em produção e, após dez anos, 55,7% das plantas. Destas plantas, somente 6,8% conseguiram produzir em, pelo menos, quatro anos de observação. Apenas quatro plantas entraram em produção e mantiveram esta nos seis anos de observação. O número de frutos por planta é muito baixo; somente 3,4% das plantas produzem mais de 200 frutos no décimo ano. Existe uma tendência de aumento de número de frutos com a idade da planta.

  6. Method by chromatography of gases for the determination of made up of alcoholic fermentation in pineapple fruits (Ananas comosus [L.] Merr); Metodo por cromatografia de gases para la determinacion de compuestos de fermentacion alcoholica en frutos de pina (Ananas comosus [L.] Merr)

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Murillo Williams, A

    2001-07-01

    The pineapple (Ananas comosus) it is used in the entire world for the fresh consumption or for processed products (canned, frozen, dehydrated). it is cultivated in a wide range of countries and in extreme latitudes.The factors of quality include: maturity, stability, size uniformity, absence of microbial deterioration, absence of burns for the sun, absence of blows, damage for insects and breaking, crowns, color, longitude and integrity. The factors that determine the longevity of a product can be physiologic or pathological. The physiologic conditions refer to the processes of degradation of the fabrics after the crop, while the pathological ones involve the attack of mushrooms and bacteria. In the case of the pineapple, a physiologic problem exists, called black heart, internal brewing (IB), brown endogenic stain ({sup m}ancha cafe endogena{sup ,} MCE) or chilling injury (CI) that can happen in any part of the world where it is cultivated. This problem has associated to the exhibition from the pineapple to low temperatures, so it is a challenge to manage a fruit like the pineapple that it cannot tolerate low temperatures without problems. In studies made about the physiologic changes that happen during the storage in controlled atmospheres in fruits, it has been observed that the ethanol and the acetaldehyde are volatile compounds associated with metabolic post-crop changes and that they have implication in the quality of the product. (author) [Spanish] La pina (Ananas comosus) se utiliza en todo el mundo para el consumo fresco o para productos procesados (enlatados, congelados, deshidratados). Se cultiva en un amplio rango de paises y en latitudes extremas. Los factores de calidad incluyen: madurez, firmeza, uniformidad de tamano, ausencia de deterioro microbiano, ausencia de quemaduras por el sol, ausencia de golpes, dano por insectos y quebraduras, corona, color, longitud e integridad. Los factores que determinan la longevidad de un producto pueden ser

  7. Correlação entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiros na geração F2 cultivados em região subtropical

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira Silva

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as relações entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiro, cultivados em região subtropical. Para isso foram utilizados frutos totalmente maduros, obtidos de cinco populações, em geração F2, cultivadas em condições de clima subtropical. Foram avaliados: coloração da epiderme (coordenadas b* e h°, diâmetro médio do fruto, comprimento do fruto, firmeza instrumental da polpa, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, teor de ácido ascórbico, percentagem de vermelho na epiderme, coloração da polpa, aderência do caroço, consistência manual da polpa e época de colheita. Os dados foram utilizados para obtenção de coeficientes parciais de correlação entre todas as variáveis. Observou-se variação entre os valores obtidos para cada característica. Há correlações parciais significativas a 1% de probabilidade, de intensidades médias e fracas, entre as características estudadas de frutos de pessegueiro. As maiores correlações foram obtidas entre comprimento e diâmetro de frutos (0,690** e entre os descritores b e h, obtidos por meio de colorímetro (0,516**. Frutos mais tardios apresentam, geralmente, maior firmeza de polpa, menores teores de vitamina C e menos pigmentação amarela na epiderme. Pêssegos de polpa amarela são mais firmes e apresentam maior acidez no suco.

  8. Avaliação da produção e qualidade de frutos de melancia sob diferentes doses de potássio em cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Carlos Alves Rodrigues

    2016-12-01

    Full Text Available O potássio desempenha várias funções na bioquímica e fisiologia das plantas, como nos processos de fotossíntese, transporte e armazenamento de assimilados. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e qualidade da melancia cv. ‘Crimson Select Plus’ em função de doses de potássio como cobertura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco tratamentos, quatro repetições e 20 plantas por parcela. Os tratamentos consistiram de cinco doses de potássio (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1. A fonte de potássio utilizada foi o cloreto de potássio (60% de K2O, aplicado de forma parcelada em cobertura. Foram realizadas avaliações de produção e qualidade de frutos: diâmetro do fruto - DF (cm, comprimento de fruto - CF (cm, massa fresca - MF e seca do fruto - MS (kg fruto-1, espessura da polpa - EP (cm, espessura casca - EC (cm e produtividade – PRODU (t ha-1. Para avaliação de qualidade, foram realizadas as análises de sólidos solúveis - SS (ºbrix, pH, acidez titulável - AT e índice de maturação - IM (SS/AT. A espessura de casca, pH, acidez titulável e índice  de maturação não foi alterada pelas doses de potássio. A dose que apresentou melhores resultados para a cultura da melancia da cultivar “Crimson Select Plus” em cobertura foi de 209,39 kg de K2O ha-1

  9. Alterações reprodutivas em ratos machos expostos perinatalmente aos frutos da Solanum lycocarpum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Schwarz

    2009-04-01

    Full Text Available Ratas prenhes foram tratadas do dia 06 da gestação (GD 06 ao dia 07 pós-natal (PND 07 com frutos verdes secos e moídos da Solanum lycocarpum (10% na ração. Após nascimento das ninhadas, foi avaliado na prole masculina adulta aos 60 e 90 dias de vida, o número de espermátides e a produção espermática diária nos testículos e o tempo de trânsito espermático no epidídimo. A exposição não foi capaz de promover alterações na produção espermática diária (DSP e no número de espermátides produzidas pelo testículo dos ratos expostos aos frutos verdes da S. lycocarpum durante a gestação e início da lactação. Não foram observadas alterações no tempo de trânsito espermático na cabeça do epidídimo, porém, foi constatado menor número de espermatozóides no corpo/cauda do epidídimo nos machos experimentais com 90 dias de vida, provavelmente resultante do menor tempo de trânsito espermático observado no corpo/cauda do epidídimo aos PND 90. Estes dados sugerem que a exposição de ratos aos frutos verdes da S. lycocarpum durante a gestação e início da lactação, não foi suficiente para promover alterações na produção mas sim no trânsito espermático, indicando possível alteração no eixo hormônio liberador das gonadotrofinas hipotálamo-hipófise-gônada

  10. Composição química do óleo fixo obtido dos frutos secos da [Chamomilla recutita (L. Rauschert] produzida no município de Mandirituba, PR.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    N.P. Pereira

    Full Text Available A camomila [Chamomilla recutita (L. Rauschert], é uma planta empregada na indústria de medicamentos, cosméticos e alimentos. Os frutos secos da camomila conhecidos por "sementes" são provenientes dos capítulos florais, dos quais pode-se extrair um óleo fixo rico em ácidos graxos insaturados. Através da técnica de extração com hexano em dispositivo de soxhlet, foi obtido o óleo bruto dos frutos secos da camomila em 19% de rendimento. O óleo foi caracterizado pela técnica de CG-EM, revelando um elevado teor de ácido linoleico na sua composição. Portanto, o óleo oriundo dos frutos secos da camomila vem a ser uma matéria-prima potencialmente útil na dermo-farmácia.

  11. CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E QUANTIDADE DE NUTRIENTES EM FRUTOS DE MARACUJÁ DOCE PHYSICAL CHARACTERIZATION AND QUANTITY OF NUTRIENTS IN SWEET PASSION FRUIT

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARCO ANTONIO DA SILVA VASCONCELLOS

    2001-12-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido com o objetivo de avaliar algumas características físicas e a distribuição dos nutrientes nos frutos de maracujá doce (Passiflora alata Dryand., segundo sua classificação. Os frutos classificados como tipo 8 foram maiores e mais pesados que os dos tipos 9 e 12, apresentando maior peso de casca e de polpa. Independentemente da classificação dos frutos, o N, P, B, Cu, Fe e Zn estão distribuídos em maior quantidade na polpa do que na casca dos frutos. O K, Ca, S e o Mn estão distribuídos em maior quantidade na casca do que na polpa dos frutos. O magnésio apresenta uma distribuição na casca levemente superior à da polpa. Na média dos três tipos de frutos, os valores obtidos por fruto (casca+polpa foram: 578,6 mg de N; 81,9 mg de P; 740,6 mg de K; 56,8 mg de Ca; 64,6 mg de Mg; 98,3 mg de S; 452,3 mg de B; 302,5 mg de Cu; 1471 mg de Fe; 167,5 mg de Mn, e 644,1 mg de Zn.The present work was conducted in Botucatu, state of São Paulo, in order to evaluate some physical characteristics and the nutrient distribution in sweet passion fruit (Passiflora alata Dryand., by type. The fruit classified as type 8 were larger than those classified as type 9 and 12, have larger weight of peel and pulp. Independently of fruit classification, N, P, B, Cu, Fe, and Zn were found in larger quantities throughout the pulp than in the peel. K, Ca, S, and Mn were present in greater quantity in the peel than in the pulp. Mg showed slightly larger presence in the peel. The fruits of sweet passion fruit presented, in average: 578.6 mg of N; 81.9 mg of P; 740.6 mg of K; 56.8 mg of Ca; 64.6 mg of Mg; 98.3 mg of S; 452.3 mg of B; 302.5 mg of Cu; 1471 mg of Fe; 167.5 mg of Mn; and 644.1 mg of Zn.

  12. Efeito do ensacamento na qualidade dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos da atemoieira e da pinheira Bagging effect upon either quality of the fruits and incidence of the fruit borer in atemoya and sweetsop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar o uso de diferentes invólucros nos frutos de atemoieira e pinheira na qualidade físico-química dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos, Cerconota anonella. Os experimentos foram instalados em dois pomares comerciais: um de atemoieira no município de Matias Cardoso e outro de pinheira no município de Verdelândia, Norte de Minas Gerais. Os tratamentos para a atemoieira consistiram em: 1 Testemunha (sem ensacamento; 2 Saco plástico leitoso; 3 Saco de TNT (tecido-não-tecido branco sem fundo e 4 Saco de TNT branco com fundo. Para a pinheira foi modificado apenas o tratamento 2 para saco de papel pardo. Avaliaram-se número de dias da polinização à colheita, número de dias da colheita ao amadurecimento, ocorrência de injúrias e brocas e características físico-químicas dos frutos. Observam-se maior número de dias entre a colheita e o amadurecimento e mais firmeza nos frutos de pinheira não-ensacados. O uso do plástico leitoso controlou a broca em frutos de atemoieira. As características físico-químicas: massa, comprimento, diâmetro dos frutos e teor de sólidos solúveis totais da polpa não foram influenciados pelo uso dos invólucros.This study was conducted to evaluate the effect from using different involucres for fruits of the atemoya and sweetsop upon either physiochemical quality of the fruits and incidence of the fruit borer Cerconota anonella. The experiments were set up in two commercial orchards: one with atemoya at Matias Cardoso county and the other one with sweetsop at Verdelândia on northern Minas Gerais state. The treatments for atemoya consisted of: 1 Control (without bagging; 2 Milky plastic bag; 3 White, bottomless, tissue-non-tissue (TNT bag; and (4 With bottom TNT bag. For the sweetsop, only treatment 2 was modified to brown paper bag. The following evaluation were performed: the number of days from pollination to harvest, number of days from harvest to ripening

  13. INFLUENCIA DEL CULTIVO INTERCALADO EN LA PRODUCCIÓN Y CALIDAD DEL FRUTO DE TOMATE CEREZA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio Rossi

    2013-12-01

    Full Text Available El presente trabajo tiene por objetivo determinar la influencia en la cosecha y calidad de los frutos de Solanum lycopersicum L. (1753 cv. cereza [Lycopersicum esculentum Mill. 1768] (tomate en convivencia con cultivos intercalares de cinco Fabaceae, plantas auxiliadoras en la agricultura y dos tratamientos con y sin residuos de cosecha de Zea mayz L. El estudio fue im- plantado en el Polo Centro Sul, Piracicaba-SP. Brasil, en suelo Argisol rojo-amarillo distrófico. El diseño experimental fue en bloque al azar con cinco repeticiones y ocho tratamientos en con- vivencia con plantas de tomate con:1 Sin residuos de ZEAMA-Zea mayz L.;2 Con residuos de ZEAMA- Zea mayz L. cv.cativerde 2; 3 CANEN- Canavalia ensiformis (L. DC.; 4CRO- JU- Crotalaria juncea L.; 5 MUCPR- Mucuna pruriens (L. DC. cv. arbusto (enana o anã; 6 VIGRA- Vigna radiata L. 7 LUPAL- Lupinus albus L.; 8 VIGUN- Vigna unguiculata (L. Walp. Los resultados mostraron que la producción y calidad de los frutos de tomate fue normal, sin ataque de plagas y no se aplicó ningún agrotóxico. El abono verde, así como la presencia o ausencia de residuos de cosecha de maíz, no interfiere en la temporada de cosecha. En cuanto al análisis de sólidos solubles totales (SST y acidez (pH no difirió entre los tratamientos.

  14. Búsqueda de genes de resistencia al pasador del fruto en poblaciones segregantes de tomate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    López-López Karina

    2010-09-01

    Full Text Available

    Las estrategias de mejoramiento genético para encontrar resistencia al pasador del fruto, Neoleucinodes elegantalis, en tomate, Solanum lycopersicum L. se han basado en métodos tradicionales de introgresión genética por medio de retrocruzamiento. Sin embargo este proceso es largo y dispendioso. Debido a esta problemática, se utilizó la técnica molecular cDNA-AFLP para identificar genes involucrados en la resistencia a esta plaga en poblaciones segregantes de tomate, con el fin de identificar marcadores moleculares que puedan ser utilizados en futuros programas de fitomejoramiento. Los materiales de tomate evaluados fueron Unapal-Maravilla (susceptible, S. habrochaites var. glabratum, accesión PI 134418 (resistente y tres retrocruzamientos obtenidos del cruzamiento interespecífico entre ambas especies. De estos materiales vegetales se extrajo el RNA total y se sintetizó el cDNA, el cual se utilizó como material de inicio de la técnica cDNA-AFLP. A partir del preamplificado de cDNA se evaluaron diferentes combinaciones de primers: +1+1, +3+3 y sus derivados. La combinación que presentó mejores amplificados fue la +1+1, para un total de 37 bandas polimórficas. De estas bandas, 9 fragmentos tipo EST (Expressed Sequence Target fueron recuperados, siendo candidatos a explicar la resistencia al pasador del fruto en tomate.

  15. Análisis de las características físicas y químicas del fruto de mango (Mangifera indica L. “Bocado” de tres localidades del Estado Cojedes, Venezuela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elba Milagros Garrido

    2013-12-01

    Full Text Available El mango Bocado es un fruto subutilizado a escala industrial, a pesar de que en el país posee una elevada productividad. Su aprovechamiento se ha limitado al desarrollo de productos artesanales, como jaleas, mermeladas, licores, encurtidos de mango verde y pulpa concentrada. En este trabajo se analizaron las variables físicas y químicas del mango Bocado de tres localidades del Estado Cojedes (El Genareño, Caño Hondo y La Palma para indagar diferencias sobre variables de proceso, calidad nutricional y cumplimiento de normativas internacionales y nacionales. Los frutos fueron recolectados por los productores, y procesados en el Laboratorio de Ingeniería y Tecnología de Alimentos de la Universidad Nacional Experimental de Los Llanos Occidentales Ezequiel Zamora (Cojedes, Venezuela. A los frutos de las localidades se les determinó la masa total del fruto, del epicarpio, de la semilla y del mesocarpio, el diámetro ecuatorial y polar, y las proporciones (% de las diferentes partes del fruto. Se realizaron análisis de humedad, fibra dietética, cenizas, minerales Ca, Fe, Na, K, Mg y Zn, sólidos solubles totales, acidez total titulable, pH, ácido ascórbico y actividad de agua. La diferencia entre las variables se calculó mediante un análisis de varianza y prueba de comparación de medias (Tukey, a un nivel de significancia de 5 %, así como también por análisis discriminante. Las características físicas de los frutos de las localidades de El Genareño y Caño Hondo, no pudieron ser discriminadas entre sí, pero se diferenciaron ambas de los frutos del sector La Palma. Los frutos de El Genareño presentaron porcentajes de pulpa > 65 y mayores concentraciones de potasio y ácido ascórbico, por lo que los mangos Bocado de esta localidad ofrecieron mayor beneficio para procesamiento y mejor calidad nutricional.

  16. Cambios en las propiedades fisicoquímicas de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam. cosechados en tres grados de madurez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Isabel González Loaiza

    2014-01-01

    Full Text Available En la investigación se evaluaron los cambios en las propiedades fisicoquímicas de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam. en tres grados de madurez. Se utilizaron 300 frutos por grado de madurez y se determinaron las características físicas (peso, volumen, densidad, diámetro equivalente, índice de esfericidad, rendimiento de pulpa y cáscara y químicas (pH, acidez, sólidos solubles, índice de madurez (IM y contenido de vitamina C. Los resultados mostraron que la madurez no afecta significativamente las variables físicas, pero sí las propiedades químicas de los frutos (P < 0.01, de la forma siguiente: el pH (2.89 - 2.94, los sólidos solubles (6.58 - 9.04 °brix, el IM (1.83 - 2.84 y el contenido de vitamina C (ascórbico (4.17 - 11.95 mg/100 g de pulpa fresca; por el contrario, la acidez (cítrico disminuyó de 3.78 para 3.21 g/100 g de pulpa fresca (P < 0.01.

  17. INDUCCIÓN DE FENILALANINA AMONIO LIASA EN FRUTOS DE LULO (Solanum quitoense Lam INFECTADOS CON Colletotrichum acutatum.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maira Andrea Arrieta Guevara

    2010-01-01

    Full Text Available Se evaluó la dinámica de la actividad fenilalanina amonio liasa (PAL en corteza de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam con el fin de determinar su participación en respuestas bioquímicas hacia Colletotrichum acutatum. Se establecieron como mejores condiciones para la extracción de la enzima, amortiguador ácido bórico-borato de sodio 0.1M pH 8.8, 1% SDS, 3% PVPP y para medir la actividad, sustrato L-fenilalanina 5 mM, pH 8,0, 20°C, 30 μL de extracto y 45 min. Se realizó un ensayo in vivo usando frutos en tres estados de madurez, los cuales fueron inoculados con el patógeno o tratados con agua estéril. A cinco tiempos (hpi se determinó la actividad PAL y el contenido total de fenoles, encontrándose que hay una respuesta diferencial de la enzima por efecto del patógeno y por el estado de madurez. Para frutos en el estado pintón se obtuvo el mayor aumento de PAL, el que perduró hasta 48 hpi, al compararlo con los controles y con los otros dos estados de madurez. Este aumento mostró relación con un marcado incremento en el contenido total de fenoles y con el desarrollo más tardío de síntomas característicos de antracnosis, observado para los frutos pintones. Estos resultados permiten postular, una posible relación positiva entre inducción de PAL, aumento de fenólicos y respuesta de tolerancia a C. acutatum. Para lulos en estado verde y maduro se observó aumento de PAL a 12 y 24 hpi que coincidió también con incremento en el contenido de fenoles totales, aunque para estos dos últimos estados dicho contenido disminuyó significativamente a tiempos mayores.

  18. Desarrollo de una metodología de infestación artificial de plantas de tomate con el pasador del fruto Development of an artificial infestation methodology of tomato plants with the fruit borer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Enrique Casas Leal

    2008-12-01

    Full Text Available En un diseño de bloques completos al azar se confinaron en jaulas (1.5 x 1.5 x 1.8 m dos plantas de tomate (S. lycopersicum cv. Maravilla, podadas a dos tallos, con hembras de Neoleucinodes elegantalis (una, dos, cuatro y seis adultos, y el testigo. Los tratamientos se repitieron cuatro veces. Se evaluaron por planta las variables frutos afectados por pasador (% y número promedio de orificios de entrada del pasador por fruto. Se presentaron diferencias significativas entre tratamientos solo para la variable frutos afectados por pasador (%. Con la introducción de una hembra en el interior de la jaula se incrementaron en 5.29% los frutos afectados. Para obtener pérdida de frutos similar a la que se presenta en lotes comerciales muy susceptibles (50-60% se requirió la introducción de seis hembras en la jaula.Two tomato plants (S. lycopersicum cv. Maravilla pruned to two stems with females of Neoleucinodes elegantalis (one, two, four, six adults, and the control were enclosed in cages (1.5 x 1.5 x 1.8 m under the randomized complete block design. The treatments were replicated four times. The variables fruit by fruit borer (% and mean number of entrance holes of fruit borer per fruit were evaluated per plant. Only the variable affected fruit by fruit borer (% presented significant differences between treatments. The affected fruits were increased in 5.29% by every female introduced into the cage. If it is needed to get fruits losses similar to those seen in very susceptible commercial plots (50-60% six female must be introduced into the cage.

  19. Avaliação do número e posição de frutos de melancia produzidos em ambiente protegido Evaluation of the number and position of watermelon fruits cultivated in a greenhouse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santino Seabra Júnior

    2003-12-01

    Full Text Available Estudou-se a produção de melancia, cultivar New Kodama, avaliando 1 ou 2 frutos por planta fixados nos ramos entre o 8º e 11º nó e 1 ou 2 frutos por planta fixados nos ramos entre o 13º e 16º nó, no sistema tutorado em ambiente protegido. O experimento foi conduzido na UNESP, em Botucatu (SP, de outubro a dezembro de 2000. Avaliou-se a produção total de frutos por planta, peso médio de frutos e teor em sólidos solúveis totais (ºbrix. A produção foi menor (2,04 kg/planta quando manteve-se apenas um fruto fixado do 8º ao 11º nó, do que quando manteve-se dois frutos (2,57 kg/planta, mas não houve diferença significativa quando manteve-se um ou dois frutos fixados do 13º ao 16º nó, produzindo cerca de 2 kg por planta. Observou-se também maior peso médio de frutos (2,05 kg/fruto e maior teor de sólidos solúveis totais (8,78ºbrix quando mantidos apenas um fruto por planta e maior teor de sólidos solúveis totais (8,21ºbrix nos frutos mantidos do 8º ao 11º nó.The fruit production of watermelon, cultivar New Kodama, grown in two positions along the stem (8th-11th node and 13th-16th node, with one or two fruits per position was evaluated, under protected cultivation. The experiment was performed in Botucatu, São Paulo State, Brazil, from October to December, 2000. The total fruit production (kg/plant, the average fruit weight (kg/fruit and the total soluble solids were evaluated. When only one fruit was allowed to grow between the 8th and 11th node, total fruit production was lower (2,04 kg/plant than keeping two fruits (2,57 kg/fruit. However, the fruit production was similar (2,0 kg/plant to one or two fruits when they were allowed to grow between the 13th and 16th node. The average fruit weight (2,05 kg/fruit and total soluble solids (8,78ºbrix were higher in fruits grown from plants with only one fruit, than two fruits per plant. Total soluble solids were also higher in fruits grown from 8th to 11th (8,21ºbrix

  20. Resistencia de campo a la antracnosis de los frutos (Colletotrichum gloeosporioides en tomate de arbol (Cyphomandra (Solanum betacea (betaceum Cav. Sendt.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lobo A. Mario

    2000-12-01

    Full Text Available En el Centro de Investigación "La Selva", de la Corporación Colombiana de Investigación Agropecuaria (CORPOICA, localizado en Rionegro (Antioquia, Colombia,a 2120 msnm, se llevó a cabo una investigación, cuyo objetivo fue evaluar la resistencia de campo a la antracnosis de los frutos de tomate de árbol en la accesión 6975073 de especie C. uniloba, material que en observaciones previas no había presentado incidencia de la enfermedad. En el estudio se incluyeron igualmente 4 poblaciones de la especie cultivada C. betacea de diferentes tipos: rojo común, amarillo, partenocárpico y "mora" o "tamarillo" y una de la especie relacionada C. materna. El trabajo se llevó a cabo durante seis meses, cosechándose quincenalmente, en 5 árboles por accesión, los frutos sanos maduros y los enfermos, clasificados por grado de maduración. Todos los materiales recibieron control quí mico de la enfermedad, con excepción del tomate C. uniloba 6975073. Durante la evaluación se presentaron condiciones favorables para el desarrollo del patógeno, con una precipitación de 1361.1 mm y prevalencia de altas humedades relativas, con un promedio, al respecto, del 80.2%. Durante el período de desarrollo de la evaluación no se presentaron frutos con síntomas de antracnosis en la accesión 6975073, lo cual si ocurrió en los demás materiales, con un porcentaje de frutos enfermos que fluctuó entre el 57.64 y el 98.82%, encontrá ndose que los genotipos con mayor nivel de productividad, a su vez, presentaron la mayor suceptibilidad y pérdidas en rendimiento. Un estimado del valor de los frutos con antracnosis, proyectado a hectárea-año, señaló que las pérdidas de frutos en las diferentes accesiones de C. betacea fluctuaron entre 3006 y 11268 dólares. Complementariamente al estudio, se obtuvieron híbridos interespecí ficos entre el material resistente y una accesión de C. betacea.

  1. Tamanho de amostra para caracterização morfológica de frutos de pimenteira Sample size for morphological characterization of pepper fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AR Silva

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar o tamanho apropriado de amostra por meio da técnica de simulação de subamostras para a caracterização de variáveis morfológicas de frutos de oito acessos (variedades de quatro espécies de pimenteira (Capsicum spp., que foram cultivadas em área experimental da UFPB. Foram analisados tamanhos reduzidos de amostras, variando de 3 a 29 frutos, com 100 amostras para cada tamanho simulado em um processo de amostragem com reposição de dados. Realizou-se análise de variância para os números mínimos de frutos por amostra que representasse a amostra de referência (30 frutos em cada variável estudada, constituindo um delineamento experimental inteiramente casualizado com duas repetições, onde cada dado representou o primeiro número de frutos na amostra simulada que não apresentou nenhum valor fora do intervalo de confiança da amostra de referência e que assim manteve-se até a última subamostra da simulação. A técnica de simulação utilizada permitiu obter, com a mesma precisão da amostra de 30 frutos, reduções do tamanho amostral em torno de 50%, dependendo da variável morfológica, não havendo diferenças entre os acessos.The appropriate sample size for the evaluation of morphological fruit traits of pepper was evaluated through a technique of simulation of subsamples. The treatments consisted of eight accessions of four pepper species (Capsicum spp., cultivated in an experimental area of the Universidade Federal da Paraíba. Small samples, ranging from 3 to 29 fruits were evaluated. For each sample size, 100 subsamples were simulated with data replacement. The data were submitted to analysis of variance, in a complete randomized design, for the minimum number of fruits per sample. Each collected data consisted of the first number of fruits in the simulated sample without values out of the confidence interval. This procedure was done up to the last subsample simulation. The

  2. Apex pruning in pumpkin for fruit and seed production=Poda apical para produção de frutos e sementes de abóbora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Toledo Rodrigues Claudio

    2014-08-01

    ísticas: número de ramos por planta, posição dos frutos nos ramos da planta, produção (número e massa de frutos por planta; produtividade; massa, comprimento e diâmetro do pescoço e bojo do fruto; massa e número de sementes por fruto; produtividade de sementes e qualidade das sementes (teste de germinação; primeira contagem de germinação; massa de mil sementes; emergência; índice de velocidade de emergência e envelhecimento acelerado. Houve diferença significativa apenas para número de ramos secundários por planta e massa de mil sementes, com maiores valores para as plantas que não foram podadas. Foram obtidas elevada média de germinação (94% e alta produtividade de frutos (16,9 t.ha-1 e sementes (148 kg.ha-1. Conclui-se que a poda apical não influencia a produção de frutos e sementes de abóbora, bem como a qualidade fisiológica das sementes.

  3. Maturação e qualidade física de frutos na germinação dos pirênios de Schefflera morototoni (Araliaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Rosália Anastácio

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do estádio de maturação dos frutos nas características físicas e de germinação de pirênios de Schefflera morototoni submetidos a tratamentos pré-germinativos. Frutos com coloração verde e verde-arroxeada foram coletados de 14 acessos, despolpados em água corrente, descartando-se, após contabilização, os pirênios chochos, com endosperma retraído e oxidado, utilizando-se os uniformes (com endosperma esverdeado ocupando toda a cavidade do pirênio. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 5 (estádios de maturação dos frutos e tratamentos pré-germinativos, com quatro repetições em parcelas contendo 25 pirênios. Verificou-se que, para maior capacidade e velocidade de germinação dos pirênios, os frutos devem ser colhidos quando apresentarem coloração verde-arroxeada, descartando-se aqueles com pirênios chochos, endosperma retraído ou oxidado. A capacidade de germinação dos pirênios com endosperma uniforme varia entre 50 e 60%, com início do processo em cerca de 40 dias após semeadura, se estendendo por até 60 dias em vermiculita. Pirênios despolpados, secos e embebidos em água a 60oC por 5 minutos, seguida da embebição em água à temperatura ambiente por 12 horas iniciam o processo de germinação em menor tempo, em relação aos despolpados, secos, escarificados e embebidos por 6 horas. O endocarpo dos frutos é permeável e rígido, no entanto, apresenta abertura natural quando embebido.

  4. Reguladores de crescimento na frutificação efetiva e qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de reguladores de crescimento vegetal sobre a frutificação efetiva e a qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'. O experimento foi realizado em pomar de atemoia 'Gefner', em Homestead, Flórida, EUA. Utilizou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro tratamentos, cinco repetições e seis flores por parcela. Os tratamentos foram compostos por: T1, ácido naftaleno acético a 450 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T2, promalina a 100 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T3, ácido giberélico a 1.000 mg L-1; e T4, polinização artificial (testemunha. Foram avaliados a frutificação efetiva, o crescimento e a qualidade dos frutos. A aplicação dos ácidos naftaleno acético e giberélico a flores de atemoia 'Gefner' proporcionou elevada frutificação efetiva, semelhante à da polinização artificial. A aplicação do ácido giberélico, associado ou não ao ácido naftaleno ou à promalina, resulta na produção de frutos de atemoia 'Gefner' mais tardios e menores do que os oriundos da polinização artificial, mas com boa proporção de polpa, excelente teor de sólidos solúveis e, principalmente, frutos sem sementes (partenocárpicos.

  5. Produção de blends a partir de frutos tropicais e nativos da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Camargo Neves

    2011-03-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se o enriquecimento nutricional de néctares de frutos, pelo processamento de blends, usando-se fruteiras tropicais e Amazônicas produzidas em Roraima. Foram utilizados néctares de abacaxi, buriti, caju, camu-camu, carambola, maracujá, murici, lima-ácida Tahiti e taperebá. Foi realizado um ensaio preliminar onde se constatou que os néctares de abacaxi e maracujá seriam utilizados como matrizes e, dos quais, saíram os tratamentos: 2 controles - 100% de abacaxi e 100% de maracujá; 1 blend entre as matrizes - 50% de abacaxi + 50% de maracujá; 7 blends de cada matriz com cada fruto escolhido, na proporção de 1:1. Foram adicionados benzoato de sódio e dióxido de enxofre, nas concentrações de 500 e 200 ppm, respectivamente, em todos os néctares e blends trabalhados. Os resultados referentes à composição nutricional dos blends refletiram aumento significativo nos valores nutricionais quando em comparação com as matrizes, bem como com os néctares individuais de cada fruto. O mesmo comportamento foi observado mesmo após 10 dias de armazenamento não refrigerado. Com relação à estabilidade microbiológica, apenas os blends que utilizaram o buriti como componente apresentaram comprometimento. As análises químicas dos blends demonstraram padrões distintos das matrizes; entretanto, quando submetidos à análise sensorial, mostraram-se satisfatórias por parte dos julgadores. As composições que mais agradaram os julgadores foram os blends de ambas as matrizes associadas ao camu-camu e murici.

  6. Biometria de frutos e sementes e emergência de plântulas de duas espécies frutíferas do gênero Campomanesia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Camargo de Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available As espécies Campomanesia adamantium e Campomanesia pubescens são morfologicamente semelhantes, ocorrem em ambientes comuns do Bioma Cerrado, por isso são difíceis de serem separadas e identificadas. Os objetivos foram analisar dados biométricos de frutos e sementes de C. adamantium e de C. pubescens, além do processo de emergência das plântulas, para fins de comparações entre as espécies. Em novembro de 2007, de 50 frutos de cada espécie, foram realizadas medidas do comprimento transversal (mm e longitudinal (mm dos frutos e das sementes, massa da matéria fresca dos frutos (g, número de lóculos por fruto e número de lóculos com sementes. Para o teste de emergência, dois experimentos independentes, um para cada espécie, foram instalados em delineamento inteiramente casualizado, com seis métodos de beneficiamento dos frutos para remoção, secagem ou lavagem da mucilagem e quatro repetições com 40 sementes por parcela. Com frutos mais volumosos, com maior acúmulo de massa fresca e maior amplitude biométrica em relação aos de C. pubescens, C. adamantium apresenta potencial para seleção de materiais promissores para fins de melhoramento. A secagem à sombra por 24 horas das sementes com mucilagem reduz os percentuais de emergência e de plântulas normais, além da velocidade de emergência de plântulas de C. adamantium, embora este método seja indiferente para plântulas de C. pubescens. Sob as mesmas condições experimentais, plântulas de C. pubescens apresentam maior capacidade de emergência e de plântulas normais, além de maiores frequências diárias de plântulas emersas e redução dos tempos de emergência em relação às plântulas de C. adamantium.

  7. Repetibilidade em características do fruto do maracujazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Eduardo Magalhães dos Santos

    2010-06-01

    Full Text Available A análise de sucessivas medições de uma característica em um grupo de indivíduos é um procedimento desejável no melhoramento genético de culturas, pois espera-se que a superioridade ou inferioridade inicial de um indivíduo em relação aos demais mantenha-se ao longo das medições. A veracidade dessa expectativa pode ser aferida pelo coeficiente de repetibilidade das características avaliadas. Os objetivos deste trabalho foram (1 determinar o coeficiente de repetibilidade pelos métodos da Análise de Variância, Componentes Principais (matriz de correlação e covariância e Análise Estrutural das seguintes características: massa média, comprimento longitudinal, diâmetro equatorial, massa média da polpa e da casca e espessura da casca do fruto; e (2 determinar o número mínimo de avaliações para um eficiente processo de seleção de genótipos de maracujazeiro-azedo. O trabalho foi desenvolvido no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, analisando-se 20 progênies de meios-irmãos segregantes de maracujazeiro-azedo. Observaram-se diferenças entre as estimativas dos coeficientes de repetibilidade obtidos pelo método da análise da variância e pelos métodos multivariados, havendo superioridade nas estimativas com o emprego dos últimos métodos nos programas de melhoramento do maracujazeiro-azedo. O método dos componentes principais, com base na matriz de covariância, sempre apresentou estimativas maiores, principalmente para espessura da casca e comprimento longitudinal do fruto, sendo esse método mais eficiente para a estimação do coeficiente de repetibilidade das características avaliadas. A realização de 18 medições nos frutos de maracujazeiro-azedo será suficiente para predizer o valor real dos indivíduos com 90% de acurácia no primeiro ano de produção, com relação à massa fresca do fruto, massa de polpa e casca, comprimento longitudinal e diâmetro equatorial.

  8. Fruit and seed biometry of cambuí (Myrciaria tenella O. Berg = Biometria de fruto e semente de cambuí (Myrciaria tenella O. Berg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Veruska Cruz da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available The cambuí tree (Myrciaria tenella O. Berg is native to Brazil and its fruits are harvested by extraction for fresh consumption in the state of Sergipe (Brazil. Because of the regional importance of the species, this work aims to characterize the cambuí fruits and seeds. The fruits were harvested mature from native trees in the Reserva do Caju Experimental Field, on Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brazil, belonging to Embrapa Tabuleiros Costeiros. Two hundred fruits and seeds were biometrically analyzed. In addition, we evaluated the fruit, pulp, and seed color based on RHS Color Chart. Two different skin colors were found: 1. yellow [orange - red (group 32A] with yellow pulp [yellow - orange (group 17A]; and 2. purple [violet -blue (group 93A] with red pulp [red - purple (group 60A]. The seeds have only one color, green [yellow-green (group 152A] with dark stripes [Brown (group 200C]. The fruits mean diameter was 9.23 mm.fruit-1, and average width 8.50 mm.fruit-1. The seeds mean diameter was 5.34 mm.seed-1, mean width 6.52 mm.seed-1 and thickness 5.08 mm.seed-1. The cambuí is a little red fruit. The biometry had a high variability as expected, because it is a native species without any type of management.=Resumo - O cambuí (Myrciaria tenella O. Berg é nativo do Brasil e os frutos são colhidos por extrativismo para consumo in natura no estado de Sergipe (Brasil. Por causa da importância regional da espécie, objetivou-se com este trabalho caracterizar os frutos e sementes de cambuí. Os frutos foram colhidos maduros provenientes de plantas nativas do Campo Experimental Reserva do Caju, no município de Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brasil pertencente a Embrapa Tabuleiros Costeiros. Foram analisados 200 frutos e sementes biometricamente. Além disso, caracterizou-se a cor da fruta, da polpa, e da semente com base na cartela de cores RHS. Foram identificados duas cores diferentes para a fruta: 1. de cor amarela [laranja - vermelho (grupo32A

  9. Influência de películas de fécula de mandioca na qualidade pós-colheita de frutos de pimentão (Capsicum annuum L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VICENTINI Nívea Maria

    1999-01-01

    Full Text Available A proposta em estudo é o uso de películas comestíveis, derivadas de fécula de mandioca na manutenção da qualidade de frutos de pimentão após a sua colheita. Frutos de pimentão (Capsicum annuum L. receberam tratamento com películas de amido, com a finalidade de avaliar a sua eficiência como barreira à perda de água, bem como sua influência nas propriedades físicas e químicas dos mesmos. Os frutos foram mergulhados por um minuto em suspensões a 1, 3 e 5% de fécula, secos naturalmente ao ar e armazenados em condições ambientais, onde a temperatura e umidade relativa médias do período variaram de 26,0-29,0° C e 59,5-71,5%, respectivamente. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado em esquema fatorial com 16 tratamentos, 3 repetições e 2 frutos por parcela. As análises de controle (porcentagem de perda de peso, textura, pH e teor de sólidos solúveis, foram feitas a cada três dias por um período de 12 dias. As películas a 3 e 5% mantiveram os frutos firmes. Os tratamentos não influenciaram significativamente na perda de peso, pH e no teor de sólidos solúveis.

  10. Determinação das propriedades geométricas, físicas e mecânicas do sistema fruto-pedúnculo-ramo do cafeeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andre L. de F. Coelho

    2015-03-01

    Full Text Available O método de elementos finitos tem sido empregado no projeto de máquinas e para o estudo do comportamento dinâmico do cafeeiro. Objetivou-se, neste trabalho, determinar as propriedades geométricas, físicas e mecânicas do sistema fruto-pedúnculo-ramo do cafeeiro. As dimensões foram determinadas por meio de processamento de imagens, as massas e os volumes mensurados utilizando-se balança e proveta, respectivamente. Os módulos de elasticidade foram determinados por meio de ensaios mecânicos de compressão, tração e flexão, para os frutos, pedúnculos e ramos, respectivamente. Os coeficientes de Poisson foram determinados a partir das deformações longitudinais e transversais dos frutos e pedúnculos. A razão de amortecimento foi determinada por meio das curvas de decaimento utilizando-se o método de decremento logaritmo. Concluiu-se que as dimensões e a massa dos frutos apresentaram tendência de aumento na medida em que seu estádio de maturação evoluiu. Os módulos de elasticidade dos frutos e dos pedúnculos no estádio de maturação verde foram superiores aos valores para o estádio de maturação cereja.

  11. Características biométricas e descrição morfológica de frutos, sementes e plântulas de Combretum leprosum Mart.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renan da Cruz Paulino

    2013-10-01

    Full Text Available 800x600 O mofumbo (Combretum leprosum Mart. é uma planta com uso na apicultura, medicina popular, forrageira, e com grande potencial na recuperação de áreas degradadas, principalmente por ser resistente a queimadas e cortes. Foram conduzidos estudos visando a caracterizar frutos, sementes, plântulas, mudas, germinação e emergência de Combretum leprosum. Foram realizadas medições de frutos e sementes, com paquímetro digital; massa de 1000 frutos e 1000 sementes, em balança semi-analítica; teor de umidade das sementes, pelo método de estufa a 105±3ºC por 24hs; 100 sementes foram colocadas para germinar em bandeja de germinação contendo fibra de coco para descrição da germinação e confecção das ilustrações. A unidade de dispersão é o fruto, seco, indeiscente, castanho, do tipo betulídio com uma semente por fruto. A semente é monospérmica com 4 estrias longitudinais; peso de mil sementes é 117,3g com 11,5% de umidade. A germinação é hipógea criptocotiledonar, com cotilédones de armazenamento. Protófilos e metáfilos apresentam diferenças na filotaxia. Os resultados obtidos podem ser empregados na identificação taxonômica e em trabalhos de tecnologia de sementes. Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4

  12. Aminoethoxivinilglicina no controle do amadurecimento de frutos de caqui cv. Fuyu Aminoethoxyvinylglycine in the ripening control of persimmon fruits cv. Fuyu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Fuentes Fagundes

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito de aminoethoxivinilglicina (AVG, aplicado na pós-colheita, no amadurecimento de frutos de caqui (Diospyros kaki L. cv. Fuyu, armazenados à temperatura de 0 ± 2 ºC. Os frutos foram imersos durante dois minutos em solução de AVG, na concentração de 0; 415; 830 e 1.200 g ha-1 e dissolvidos em água destilada e adição de espalhante adesivo (óleo vegetal a 0,02% (v/v, secos à temperatura ambiente no barracão e armazenados em câmara fria a 0 ± 2 ºC e 95±2 % UR, e avaliados aos 32 e 52 dias com relação à firmeza, sólidos solúveis, pH da polpa, acidez titulável e injúria por frio. O AVG mostrou-se promissor no uso pós-colheita em caqui, onde os frutos tratados conservaram índices de firmeza linear em função da dose e teores de AT, SS e pH aceitáveis para o 'Fuyu'. Porém os frutos apresentaram translucidez, característica de injúria por frio, indicando a necessidade de novos estudos para se compreender a fisiologia pós-colheita deste fruto.An experiment was carried out to analyze the effect of the application of Aminoethoxyvinylglycine (AVG in post harvest application in persimmon fruits (Diospyros kaki L. cv. Fuyu stored at a temperature of 0 ± 2ºC. The fruits were immersed for two minutes into an AVG solution at a concentration of 0; 415; 830; 1200 g ha-1 and dissolved in distillated water. Then it was added adhesive spreader (vegetable oil 0.02% (v/v, dried at room temperature and stored at 0 ± 2 ºC and 95±2 % humidity. The treatments were evaluated on the 32nd and 52nd days to check the firmness, soluble solids, pH of the pulp, tritable acidity and chilling injury. The AVG may be promising in post harvest use with persimmon fruits, where treated fruits preserved linear levels of firmness in function of the doses and TA, SS and pH levels are acceptable for cv. Fuyu. However, fruits showed translucency, which are characteristics of chilling injury, indicating that new studies are

  13. Propiedades físico-mecánicas del fruto y del sistema fruto-pedúnculo del café variedad Colombia.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvarez Tobón Elizabeth

    1999-12-01

    Full Text Available En el Centro Nacional de Investigación de café CENICAFE, se estudió para café cereza variedad Colombia de frutos amarillos y rojos, de 2,3 y 4 años en estado de maduración verde, pintón y maduro, las propiedades físicas y mecánicas del sistema fruto-pedúnculo: dimensiones de los frutos, peso, momento de inercia con respecto a los tres ejes(x, y, z, longitud, diámetro y rigidez del pedúnculo, fuerza de tracción y momentos flectores y torsores necesarios para el desprendimiento de los frutos.

  14. Variabilidade entre árvores matrizes de Ceiba speciosa St. Hil para características de frutos e sementes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Roveri Neto

    Full Text Available RESUMO A paineira-rosa (Ceiba speciosa St. Hil. - Malvaceae é uma espécie arbórea com grande importância na recuperação de ecossistemas degradados e cuja madeira e paina são usadas em diversas atividades econômicas. O presente estudo avaliou a variabilidade e a repetibilidade para caracteres biométricos de frutos e sementes e qualidade de sementes entre árvores matrizes de C. speciosa. Foram coletados frutos de 36 árvores matrizes, determinando-se em cinco frutos o diâmetro, comprimento, massa fresca e seca e número de sementes e em 100 sementes, o comprimento, diâmetro e peso de 100 sementes. A qualidade fisiológica das sementes foi avaliada pela germinação e testes de vigor: índice de velocidade de germinação, envelhecimento acelerado (EA, condutividade elétrica (CE e submersão das sementes em água, em quatro repetições de 25 sementes, exceto para CE e submersão, em que as repetições continham 40 sementes. Após os testes de EA e submersão, as sementes foram submetidas ao teste de germinação. As médias de árvores matrizes foram comparadas pelo teste de Scott-Knott e estimou-se o coeficiente de determinação genotípico, repetibilidade e correlação entre caracteres. As características avaliadas apresentam variabilidade significativa entre as árvores matrizes e estão sob baixa influência ambiental. As correlações entre caracteres biométricos com o processo germinativo e qualidade de sementes são baixas. Os coeficientes de repetibilidade são altos e a avaliação de cinco frutos e 100 sementes por árvore matriz e o uso de quatro repetições nos testes de germinação e vigor possibilitam boa confiabilidade na determinação da variabilidade da espécie.

  15. Otra versión sefardí manuscrita de El debate de los frutos y el vino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero, Elena

    2014-12-01

    Full Text Available The author provides with an edition of an alternate manuscript version of the Copla El debate de los frutos y el vino. The text, included in the Baqqashot ve-Shirim u-Fiyutim (manuscript, Middle East, maybe Turkey, ca. 1850, is then added to the previous versions, one manuscript version from Venice (1702 and another one from Sarajevo (ca. 1794, that were published by the author in her article “La copla sefardi de El debate de los frutos y el vino y sus ecos en la tradición oral” published in Estudios sefardíes, dedicados a la memoria de Jacob M. Hassán (z”l (Madrid: CSIC, 2011, 491-524. Besides the edition and analysis of the text, the author compares it with the two earlier versions, highlighting the structural, lexicographical and morphological differences, as well as the changes experimented.En el presente artículo se edita otra versión manuscrita de la copla El debate de los frutos y el vino. Dicho texto, procedente del manuscrito Bacašot veširim ufiyutim (Oriente, quizá Turquía, ca. 1850, viene a sumarse a las dos versiones, también manuscritas de Venecia d. 1702 y Sarajevo ca. 1794, publicadas por la misma autora en su artículo «La copla sefardí de El debate de los frutos y el vino y sus ecos en la tradición oral», aparecido en Estudios sefardíes dedicados a la memoria de Iacob M. Hassán (z”l (Madrid: CSIC, 2011, 491-524. Amén de editar y estudiar el texto, se lleva también a cabo la comparación con las dos versiones anteriores, poniendo de relieve las principales diferencias estructurales, léxicas y morfológicas, así como de cambios de formulaciones.

  16. Termoterapia para o controle de patógenos em pós-colheita em frutos da cajazeira = Thermotherapy for post harvest pathogens on Spondias fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique de Brito

    2008-01-01

    Full Text Available O tratamento térmico, principalmente água quente, é método alternativo que tem sido utilizado para o controle de doenças e infestações de insetos em frutos póscolheita. O presente trabalho teve como objetivo determinar a combinação de tempo e temperatura adequada para o controle de fungos de pós-colheita em frutos de cajazeira em atmosfera ambiente. No primeiro tratamento, os frutos foram imersos em água quente e no segundo foram expostos ao vapor a 50°C por 0, 10, 20, 30 e 40 minutos para diferentes lotes de frutos. Foram retiradas de cada fruto/tratamento quatro secções, as quais foram incubadas em placas de Petri com BDA, sendo realizadas as avaliações da incidência de fitopatógenos após 7 dias de incubação. Os resultados obtidos demonstraram uma maior incidência de Rhizophus sp. nos tratamentos avaliados e redução de Aspergillus sp. e Fusariumsp., cujo comportamento foi influenciado pelo tratamento termoterápico, podendo ser indicado os tratamentos vapor e banho-maria a 50ºC a partir de 20 minutos como método alternativo no controle pós-colheita de Aspergillus sp. e Fusarium sp. em frutos da cajazeira.Thermal treatment, mainly hot water, is an alternative method that has been used for diseases and pests infestation in post harvest fruits. The present work aimed to determine a combination of correct time x temperature for post harvest fungus control on Spondias fruits. For the first treatment, fruits were dipped on hot water and, for the second, on hot air, both with 50°C for 0, 10, 20, 30 e 40 minutes for different fruit groups. Four pieces were sectioned from each fruit, per treatment, and incubated in Petri dishes with BDA,being evaluated for fungus incidence after seven days incubation. Obtained results showed higher incidence of Rhizopus sp. on the evaluated treatments, and a reduction of Aspergillus sp. and Fusarium sp., while behaviour was influenced by thermotherapy, indicating air and hot water at 50º

  17. Redes neurais artificiais na classificação de frutos: cenário bidimensional Fruit sorting using artificial neural networks: bidimensional case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Paulo Silva Ramos

    2003-04-01

    Full Text Available Inúmeras são as atividades agrícolas que necessitam de interação humana nos processos decisórios, e entre elas encontra-se a classificação de frutos. O consumo de frutos "in natura" exige altíssimo nível de qualidade, demandando um processo classificatório mais acurado. A classificação de frutos depende do reconhecimento de padrões natural ou artificial, de acordo com algumas categorias pré-definidas. Uma vez que um padrão de um fruto está sendo classificado, esse deve ser comparado com algum outro padrão armazenado. A maior parte da classificação de frutos é baseada na classificação humana.Este trabalho apresenta a possibilidade de uso de redes neurais artificiais no desenvolvimento de modelos de classificação de frutos por meio de vetores de padrões. Este trabalho foi desenvolvido no Departamento de Máquinas Agrícolas da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas, as redes neurais armazenaram os vetores de padrões de frutos peso, diâmetro. Esses componentes vetoriais associados entre si interagiram, determinando um vetor padrão de saída de acordo com os padrões de frutos armazenados. Para atingir esses objetivos, foi usada uma rede Perceptron de múltiplas camadas, com algoritmo de treinamento tipo retro-propagação para armazenar os vetores de padrões de frutos e para classificação desses padrões de entrada. A rede treinada conseguiu aprender a relação entre vetores de entrada e saída, demonstrando a potencialidade do uso de tais ferramentas na classificação artificial.Agriculture is one of the economic activities that more require the presence human being in the decision taking. Innumerable are the processes that require some type of human being interference in the conclusion of the processes. Fruit Sorting depends on human or artificial pattern recognition according to some pre defined categories. Once a fruit pattern is under classification, this one must be compared to

  18. Concentração de nitrogênio na solução nutritiva e número de frutos sobre a qualidade de frutos de melão Nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits on quality of melon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe Villani Purquerio

    2005-07-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, na UNESP-FCAV, em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a qualidade dos frutos do meloeiro (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80; 140; 200 e 300 mg L-1 e do número de fruto por planta (2; 3; 4 e livre. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. O teor de sólidos solúveis totais e acidez total titulável foram maiores em frutos colhidos de plantas com menor número de frutos pré-estabelecidos. O aumento da concentração de N na solução nutritiva proporcionou aumento na acidez total titulável e nenhum efeito sobre o teor de sólidos solúveis totais. Houve redução nos diâmetros longitudinal, transversal e na espessura do mesocarpo com o aumento da concentração de N, bem como com o aumento do número de frutos por planta. O índice de formato de fruto manteve-se igual ou muito próximo a 1.The effect of nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, on the quality of net melon fruits (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid was investigated. The experiment was carried out at UNESP-FCAV, Jaboticabal, Brazil, using a NFT hydroponic system, from June to November/2001. The experimental design was of randomized split plots, with six replications. Total soluble solids content and total acidity were higher in fruits harvested from plants with a smaller number of pre-set fruits. A slight increase was observed on total acidity due to the increase of nitrogen concentration in nutrient solution, without any significant effect on total soluble solids. An increase of the N concentration and the number of fruits per plant resulted in a reduction of fruit longitudinal and transversal diameters and pulp thickness. Fruit

  19. Efeito de anos e determinação do coeficiente de repetibilidade de características de frutos de goiabeira-serrana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Degenhardt Juliana

    2002-01-01

    Full Text Available A variância ambiental costuma ser bastante significativa em características de produção e de frutos, a maioria de herança quantitativa. Este estudo teve por objetivo avaliar o efeito de anos e determinar o número de anos necessários para avaliação precisa do peso do fruto, peso de casca, comprimento, diâmetro, relação comprimento/diâmetro, rendimento de polpa e sólidos solúveis totais dos frutos de goiabeira-serrana (Acca sellowiana, em três anos de avaliação. Com exceção de sólidos solúveis totais, o efeito de anos representou grande parte da variância total. A partir do coeficiente de repetibilidade, determinou-se que seriam necessários no mínimo de quatro a seis anos de avaliação para seleção das plantas, com precisão de 80%.

  20. MELHORAMENTO DO TOMATEIRO: II. PROCEDIMENTO DE GARDNER E EBERHART NA ANÁLISE HETERÓTICA DE CARACTERÍSTICAS MORFOAGRONÔMICAS E DA QUALIDADE DOS FRUTOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AMARAL JÚNIOR ANTÔNIO TEIXEIRA DO

    1997-01-01

    Full Text Available Cinco cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill. - Ângela I.5100, Floradade, IPA-05, Jumbo AG-592 e Santa Clara - e seus p (p - 1/2 cruzamentos foram avaliados quanto a dez características morfoagronômicas e cinco relacionadas à qualidade dos frutos, pelo método de Gardner e Eberhart. Os resultados evidenciaram suficiente variabilidade entre os parentais para a maioria das características, indicando uma situação favorável à aplicação do melhoramento genético. A potencialização das características `teor de carotenóides totais' e `conteúdo de beta-caroteno' nos frutos poderá ser alcançada por meio dos intercruzamentos envolvendo os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Jumbo AG-592, enquanto apenas a combinação Jumbo AG-592 x Ângela I.5100 revelou possibilidade de incrementos nos teores de vitamina C. Considerando-se conjuntamente as características morfoagronômicas e as relacionadas à qualidade dos frutos, conclui-se que os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Santa Clara são os de maior potencial para compor intercruzamentos.

  1. Efeito do pré-resfriamento de frutos de cupuaçu na aceitação sensorial do néctar = Effect of cupuassu fruits pre-cooling on the sensory acceptance of the nectar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristhyan Alexandre Carcia de Carvalho

    2015-03-01

    Full Text Available A região Amazônica possui as melhores condições edafoclimáticas para o desenvolvimento do cupuaçuzeiro. No entanto, temperatura e umidade relativa do ar elevadas, condições de cultivo, colheita e armazenamento inadequados, além das características intrínsecas do fruto acabam desencadeando e acelerando o processo de deterioração pós-colheita. Após a coleta, o fruto apresenta alta perecibilidade, devendo ser consumido em dois ou três dias quando não processado. Diante disso, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito do pré-resfriamento dos frutos na aceitação sensorial de néctar de cupuaçu. Foram realizados dois experimentos. No primeiro, os frutos foram armazenados a temperatura ambiente por 6 dias e no segundo os frutos foram armazenados sob refrigeração a 10°C por 15 dias. Para cada experimento, foram avaliados frutos não submetidos a pré-resfriamento e frutos submetidos a um pré-resfriamento por imersão em água gelada a 10°C por 133 minutos. Os frutos foram despolpados a cada 3 dias de armazenamento, analisados quanto aos teores de sólidos solúveis, acidez titulável e açúcares, e utilizados para fabricação do néctar, que foi submetido a análise de aceitação sensorial. Em frutos armazenados a temperatura ambiente, o pré-resfriamento melhorou a aceitação sensorial do néctar de cupuaçu ao final do tempo de armazenamento. Em frutos armazenados sob refrigeração, o pré-resfriamento não teve efeito sobre a aceitação sensorial do néctar de cupuaçu. = Abstract: Amazon presents one of the best climatic conditions for cupuassu tree development. However, high temperature and relative humidity of the air, cultivation conditions, harvesting and inadequate storage, in addition to the intrinsic characteristics of the fruit end up triggering and accelerating post-harvest deterioration process. After collection, the fruit is highly perishable and must be consumed in two or three days if not processed

  2. Qualidade de frutos da tangerina 'Ponkan' após poda de recuperação Quality of 'Ponkan' tangerine tree after recovering pruning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Mendonça

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' em três safras subseqüentes aos tratamentos: poda de topo no rebaixamento da copa e poda da parte baixa da planta (saia. O experimento foi conduzido na Fazenda Vito Crincoli, localizada no município de Perdões - MG. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 4 x 2, sendo poda do topo (sem poda, poda a 3,0; 2,5 e 2,0 m e poda da saia (sem e com a poda com quatro repetições e três plantas úteis por parcela. Os diferentes tipos de poda não prejudicaram a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' nas três safras subseqüente as podas. Após o terceiro ano as plantas que sofreram podas mais severas produziram frutos com peso superiores, demonstrando a viabilidade da poda na recuperação da qualidade dos frutos.This research aimed to test top pruning effect on lowering the top canopy and pruning the lower part of the plant on the recovering of 12 years old 'Ponkan' tangerine tree. Plants were four meters height, 6x4 spacing, grafted on 'Cravo' lemon tree. This experiment was carried out at Vito Crincoli' s Farm in Perdões, MG, Brazil . It was used a randomized block experimental design in a factorial scheme of 4x2, top pruning (without pruning, pruning at 3.0; 2.5 and 2.0m from soil level and circumference pruning (with and without pruning with four replications. The useful plot was constituted of three tangerine plants. After third year of treatment plants that had been under more severe pruning gave higher fruit weight. Indicating the used of pruning to recover fruit quality.

  3. Caracterização morfológica de frutos, sementes e germinação de Sideroxylon obtusifolium (Roem. e Schult. Penn. (Sapotaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kelina Bernardo Silva

    2012-02-01

    Full Text Available Estudos que visam ao conhecimento da morfologia de sementes e plântulas contribuem para a identificação das espécies, facilitando o reconhecimento das fases iniciais do seu desenvolvimento. Assim, os objetivos deste trabalho foram caracterizar morfologicamente as estruturas externa e interna dos frutos e das sementes de Sideroxylon obtusifolium (Roem. e Schult. Penn., além de descrever e ilustrar a morfologia externa da plântula. Para a descrição dos frutos foram observados detalhes externos e internos do pericarpo, referentes a textura, consistência, cor, pilosidade, brilho, forma, número de sementes por fruto e deiscência. Foram analisadas as seguintes variáveis externas das sementes: dimensões, cor, textura, consistência, forma e posição do hilo e da micrópila; e as internas: presença ou ausência de endosperma, tipo, forma, cor, posição dos cotilédones, eixo-hipocótilo-radícula e plúmula. A germinação foi considerada desde o intumescimento da semente até a emissão dos protófilos, sendo a plântula considerada estabelecida quando os protófilos já estavam totalmente expandidos. Os frutos de S. obtusifolium são dos tipos bacoide, globoso ou elipsoide, indeiscente e monospérmico. As sementes variam de globosas a elipsoides, e o embrião é do tipo cotiledonar e ocupa posição basal na semente. A germinação tem início no décimo segundo dia e pode ser encerrada no vigésimo primeiro dia após a semeadura.

  4. Técnicas hortícolas para optimizar el tamaño y la calidad del fruto del naranjo (Citrus sinensis L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cabezas-Gutiérrez Marco

    2010-04-01

    Full Text Available

    Con el fin de mejorar la calidad del fruto de la variedad de naranja Sweety Orange injertada sobre el patrón enanizante ‘Flying Dragon’, se realizó un experimento en el que se probaron técnicas de anillado de ramas, defoliación parcial, raleo de frutos, fertilización foliar, aplicaciones de sacarosa al follaje y poda de ramas no productivas. El trabajo se realizó en un huerto comercial en el norte del departamento del Valle del Cauca (Colombia, en plantas de 9 años de edad. Al comparar los resultados con el experimento control se observa que: i el anillado de ramas productivas influyó significativamente en la producción total de fruta por planta e incrementó el número de frutos retenidos en el árbol en un 38%; ii la aplicación de sacarosa mejoró la calidad interna del fruto al incrementar el contenido de sólidos solubles totales en un 10% y disminuir la acidez en un 36%. Ni la selección de fruta ni la fertilización foliar mostraron diferencias significativas con el tratamiento control. Se concluye que la combinación de anillado y aplicaciones externas de sacarosa pueden ser técnicas útiles para mejorar la calidad del naranjo en la zona cafetera colombiana.

     

  5. CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FRUTOS, SEMENTES, PLÂNTULAS E MUDAS DE PAU-BRASIL (Caesalpinia echinataLAMARCK1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robério Anastacio Ferreira

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMOEstudos relacionados à morfologia vegetal com espécies florestais nativas têm sido ampliados nos últimos anos, em face da sua importância sob os aspectos taxonômicos ou por serem de grande utilidade na identificação de frutos, sementes, plântulas e mudas, em laboratórios de análises de sementes, em viveiros de produção de mudas ou em estudos que avaliem a regeneração natural em ecossistemas florestais. Porém, diante da grande diversidade de espécies, ainda não é possível encontrar informações suficientes para subsidiar tais estudos e nem coleções em herbários para um grande número de espécies nativas. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar morfologicamente frutos, sementes, plântulas e mudas de pau-brasil (Caesalpinia echinata Lam. – Fabaceae, Subfamília Caesalpinioideae. Foram realizadas, inicialmente, avaliações das características morfométricas e morfológicas externas e internas dos frutos e sementes. Em seguida, foram realizadas descrições do desenvolvimento inicial de plântulas e mudas. Considerando-se as análises descritivas da espécie, as informações de frutos, sementes, plântulas e mudas podem ser empregadas com segurança em trabalhos de identificação das espécies, tanto em trabalhos de laboratórios e viveiros quanto em estudos de campo sobre a ecologia dessa espécie. Especial atenção pode ser dada ao fruto legume seco, ao embrião, à germinação epígea fanerocotiledonar e à presença de acúleos nas fases jovens (plântulas e mudas, que são importantes para a identificação da espécie. Os caracteres que são comuns a outras espécies de Fabaceae, da Subfamília Caesalpinioideae, corroboram o caráter taxonômico dos aspectos morfológicos.

  6. Sistema enzimático antisenescencia, catalasa-superóxido dismutasa, de frutos de pitahaya (Hylocereus undatus almacenados con frío

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Balois-Morales

    2008-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue evaluar efecto del frío en el sistema enzimático antisenescencia catalasa (EC. 1.11.1.6; CAT- superóxido dismutasa (EC. 1.15.1.1; SOD de frutos de pitahaya (Hylocereus undatus durante el almacenamiento con frío y temperatura ambiente. Lotes de frutos, cosechados en Tehuacán, Puebla, fueron almacenados cuatro días a 22±1 °C, y a 3, 7 y 11±1 °C durante 7, 14 y 21 días, y cuatro días a 22±1 °C al concluir cada período de frigoalmacenamiento. Se determinó la actividad CAT y SOD en la pulpa de los frutos de 20 tratamientos que incluyó un testigo sin almacenamiento. Cuatro días de almacenamiento a 22±1 °C no modificaron la actividad CAT o SOD (18.75 y 3.25 U·g-1, respectivamente, respecto al testigo. El almacenamiento con frío disminuyó significativamente la actividad CAT, respecto al testigo. La inhibición de la actividad CAT no mostró una tendencia dependiente de la temperatura o tiempo de almacenamiento con frío; pero la inhibición media en los frutos almacenados a 11±1 °C (13.07 U·g-1 fue ligeramente menor a la alcanzada con el almacenamiento a 3 y 7±1 °C (12.39 U·g-1. La inhibición de la actividad CAT fue revertida parcial o totalmente con el almacenamiento a 22±1 °C por cuatro días después del frigoalmacenamiento. La actividad SOD no se afectó significativamente con el frío y, en general, fue incrementada con el almacenamiento a 22±1 °C, complementario al frigoalmacenamiento. En respuesta al almacenamiento con frío, la actividad CAT es inhibida, pero SOD, que apoya la disminución de los síntomas de senescencia, generados por el estrés oxidativo, se activa en los frutos de pitahaya.

  7. Ponto de colheita e maturação de frutos de camu-camu colhidos em diferentes estádios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Maria Pinto

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o ponto de colheita e caracterizar a pós-colheita de frutos de camu-camu (Myrciaria dubia colhidos em diferentes estádios de maturação. A colheita dos frutos foi realizada em quatro estádios de maturação, definidos pela cor da casca: verde, verde-avermelhada, vermelho-esverdeada e roxa. O armazenamento foi feito em câmaras de refrigeração a 22±1°C e 85±5% UR. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, em parcelas subdivididas no tempo, com cinco períodos de armazenamento: 0, 3, 6, 9 e 12 dias. Foram avaliados: atividade respiratória; produção de etileno; coloração da casca verificada pelo ângulo de cor e coordenadas de cromaticidade a* e b*; firmeza; perda de massa de matéria fresca; teores de clorofilas, antocianinas, sólidos solúveis e ácido ascórbico; acidez titulável; e incidência de podridão. Os picos de produção de CO2 e etileno ocorreram após a colheita. Os teores de clorofilas e antocianinas variaram com a mudança na coloração da casca de verde para roxa, o que confirmou a maturação dos frutos. Os teores de ácido ascórbico variaram de 759,02 mg por 100 g, no estádio verde, a 1.071,12 mg por 100 g, no roxo. Os frutos colhidos totalmente roxos têm reduzida vida pós-colheita. A maior qualidade pós-colheita do camu-camu é obtida quando os frutos são colhidos com coloração vermelho-esverdeada.

  8. Determinação do potencial antioxidante in vitro de frutos do Cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lopes Morais

    2013-06-01

    Full Text Available Extratos em metanol e acetona de diferentes espécies do Cerrado, semente de Solanum lycocarpum A. St.-Hil (Lobeira, polpa de Byrsonima verbascifolia (L. DC. (Murici, epicarpo e mesocarpo de Caryocar brasiliense Cambess (Pequi e pendúculo de Cipocereus minensis F. Ritter (Quiabo-da-lapa foram submetidos a ensaios antioxidantes in vitro para avaliar a capacidade de sequestrar os radicais orgânicos DPPH e ABTS.+, reduzir o ferro (FRAP e/ ou inibir a peroxidação lipídica (β-caroteno. Todas as amostras apresentaram considerável atividade antioxidante, embora em diferentes proporções, destacando-se o mesocarpo de Caryocar brasiliense como o responsável pela maior atividade antioxidante por captura de radicais livres (DPPH e ABTS e poder de redução do metal (FRAP e o pendúnculo de Cipocereus minensis frente à inibição da peroxidação lipídica (B-caroteno. Os frutos estudados podem ser considerados fontes potenciais de antioxidantes naturais e podem ser explorados como aditivos alimentares promissores para a prevenção de doenças, bem como para a manutenção da saúde.

  9. Sesquiterpenos e hidrocarbonetos dos frutos de Xylopia emarginata (Annonaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel C. Moreira

    Full Text Available O extrato hexânico dos frutos de Xylopia emarginata foi particionado entre hexano e MeOH/H2O. A fase hidroalcoólica foi submetida à separação cromatográfica fornecendo quatro sesquiterpenos: óxido de cariofileno, espatulenol, 1beta,6alfa-diidroxi-4(15-eudesmeno e 4-hidroxi-1,15-peróxieudesmano. A fase hexânica foi fracionada através de cromatografia em coluna fornecendo dois hidrocarbonetos (nonadecano e 1-nonadeceno e uma cetona alifática (hentriacontan-16-ona. As estruturas dos compostos isolados foram estabelecidas através de análise espectroscópica, principalmente RMN e EM.

  10. Qualidade sensorial de frutos de híbridos de bananeira cultivar Pacovan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MATSUURA FERNANDO CÉSAR AKIRA URBANO

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo desse experimento foi avaliar a aceitação sensorial dos híbridos PV03-44 e PV03-76, provenientes do parental feminino cultivar Pacovan e selecionados pela Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os atributos aroma, sabor, textura e cor foram avaliados por meio de teste de aceitação, utilizando-se de escala hedônica de 9 pontos, com frutos servidos na forma de rodelas de 1,5 cm de espessura. Análises de pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, açúcares totais e redutores e amido também foram realizadas. Os frutos apresentaram valores de pH na faixa de 4,3 a 4,5, acidez total titulável (% ácido málico de 0,53 a 0,64, sólidos solúveis totais (% de 22,2 a 27,4, açúcares totais (% de 15,0 a 24,3, açúcares redutores (% de 10,7 a 12,4 e amido (% de 2,1 a 3,2. Os resultados da análise sensorial mostraram os maiores valores para a cultivar Pacovan quanto aos atributos de sabor, textura e cor, com valores de 7,0; 6,8 e 7,8, respectivamente, posicionando-se entre os termos "gostei regularmente" e "gostei muito", na escala hedônica de 9 pontos. Os híbridos PV03-76 e PV03-44 apresentaram resultados similares entre si e significativamente inferiores aos da cultivar Pacovan para os atributos sabor e cor. Conclui-se pela aceitação sensorial satisfatória, exceto para o atributo cor, dos híbridos PV03-44 e PV03-76.

  11. Uso de portainjerto sobre el rendimiento, calidad del fruto y resistencia a Phytophthora capsici Leonian en pimiento morrón

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esteban Sánchez Chávez

    2015-01-01

    Full Text Available El pimiento morrón es uno de los principales chiles producidos en México a campo abierto después del chile jalapeño y el serrano. El principal factor que limita la producción de este cultivo, es la incidencia de marchitez del chile, enfermedad causada por el hongo Phytophthora capsici la cual ocasiona pérdidas entre 10 y 100% de la producción. Una alternativa viable para el control de la enfermedad, es el uso de portainjertos en hortalizas. El objetivo del presente trabajo fue estudiar el efecto del uso de portainjerto sobre el rendimiento, calidad del fruto y resistencia a P. capsici en pimiento morrón. Se utilizaron las variedades comerciales de pimiento morrón Fascinato y Janette y el portainjerto comercial Terrano. El experimento se desarrolló en un sistema de malla sombra en Delicias, Chihuahua, México durante el ciclo de producción 2012. Se usó un diseño experimental de bloques completos al azar con cuatro tratamientos y cuatro repeticiones; los tratamientos fueron: Terrano injertado con Fascinato, Terrano injertado con Janette, Fascinato sin injertar y Janette sin injertar. Las variables evaluadas fueron: rendimiento, calidad del fruto y mortandad de plantas. Los resultados obtenidos indican que la combinación variedad/portainjerto Fascinato/Terrano y Janette/Terrano produjeron los más altos rendimientos en fruto, registrándose incrementos del 53.47 % y 49.40 % respectivamente en relación a las mismas variedades sin injertar. Además, Fascinato/Terrano presentó la menor mortandad de plantas provocada por P. capsici (32 %, seguida por Janette/Terrano (36 %; mientras que las variedades Fascinato y Janette sin injertar presentaron la mayor cantidad de plantas muertas (57 % y 53 %, respectivamente, lo que indica que el portainjerto Terrano confirió resistencia a la enfermedad provocada por P. capsici. El portainjerto Terrano aumentó la producción en un 50 % y mejoró los parámetros de calidad del fruto del pimiento morr

  12. ?ndices f?sico-qu?micos e toxicol?gicos de frutos de c?bio (solanum sessiliflorum dunal) em diferentes est?dios de matura??o.

    OpenAIRE

    Andrade J?nior, Moacir Couto de

    2006-01-01

    O c?bio (Solanum sessiliflorum Dunal) ? um fruto com elevado potencial agroindustrial devido ? sua alta produtividade anual e caracter?sticas nutricionais (alto teor em fibras diet?ticas). Al?m disso, as fibras est?o contidas nos alimentos vegetais e t?m fun??es preventivas de doen?as cr?nico-degenerativas, a exemplo do diabetes mellitus e (ou) das dislipidemias, o que as situa na categoria de alimentos funcionais ou nutrac?uticos. N?o obstante, se, por um lado, algum conhecimento acerca do ...

  13. Caracterização farmacognóstica dos frutos de Cordia sellowiana Cham. e de Cordia myxa L. (Boraginaceae Jussieu)

    OpenAIRE

    Barroso,Isabel Cristina Ercolini; Oliveira,Fernando de

    2009-01-01

    Os frutos de Cordia sellowiana Cham. e Cordia myxa L. utilizados como emolientes demulcentes, béquicos e expectorantes foram estudados morfológico-anatomicamente, visando sua caracterização farmacognóstica. Foram fornecidos subsídios à identificação destes órgãos vegetais no estado natural e quando transformados em droga. A abordagem fitoquímica realizada permitiu por em evidência a presença de alcalóides, flavonóides, taninos e mucilagens. Em decorrência da presença de mucilagens, foi determ...

  14. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIINFLAMATÓRIA DA FRAÇÃO ALCALOÍDICA DO FRUTO DE Solanum lycocarpum A.St.-Hil. (LOBEIRA)

    OpenAIRE

    VIEIRA JÚNIOR, Geraldo

    2004-01-01

    Solanum lycocarpum A. St.-Hil., popularmente conhecida como lobeira, é facilmente encontrada no cerrado. Caracteriza-se como uma planta arbustiva com até cinco metros de altura, ramos frágeis, apresentando fruto tipo baga globosa, de oito a quinze centímetros de diâmetro, cor verde-amarelada mesmo quando maduro, polpa carnosa e suculenta. A lobeira é usada na medicina popular para diversos fins terapêuticos, como por exemplo, bronquite, verminose, diabete e úlcera. Estudo co...

  15. Genótipos melhorados de mamão (Carica papaya L.): avaliação tecnológica dos frutos na forma de sorvete

    OpenAIRE

    Santana, Ligia Regina Radomille de; Matsuura, Fernando César Akira Urbano; Cardoso, Ricardo Luís

    2003-01-01

    p.151-155 O presente trabalho teve como objetivo a avaliação tecnológica na forma de sorvete, de frutos de cinco genótipos selecionados de mamão (CMF012, CMF020, CMF023, CMF031, CMF047), provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Estes genótipos foram identificados em estudos anteriores por apresentarem cor atraente, sabor agradável e valores elevados de sólidos solúveis (ºBrix). As amostras de sorvete foram submetidas à avaliação ...

  16. Genótipos melhorados de mamão (Carica papaya L.): avaliação tecnológica dos frutos na forma de sorvete

    OpenAIRE

    Santana,Ligia R.R.; Matsuura,Fernando C.A.U.; Cardoso,Ricardo L.

    2003-01-01

    O presente trabalho teve como objetivo a avaliação tecnológica na forma de sorvete, de frutos de cinco genótipos selecionados de mamão (CMF012, CMF020, CMF023, CMF031, CMF047), provenientes do Banco Ativo de Germoplasma da Embrapa Mandioca e Fruticultura, Cruz das Almas, Bahia. Estes genótipos foram identificados em estudos anteriores por apresentarem cor atraente, sabor agradável e valores elevados de sólidos solúveis (ºBrix). As amostras de sorvete foram submetidas à avaliação sensorial par...

  17. Diversidade genética entre cultivares de mangueiras, baseada em caracteres de qualidade dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available A mangueira é uma das fruteiras mais importantes do Brasil. Apesar de existirem muitos cultivares, o cultivo tem sido realizado basicamente com o cultivar 'Tommy Atkins' e existem poucos trabalhos sobre caracterização e análise da diversidade genética dos genótipos disponíveis. Por isso, o objetivo deste trabalho foi estudar a diversidade genética de 15 cultivares de mangueiras, produzidos na Zona da Mata Mineira, sendo oito brasileiros e sete oriundos da Flórida (EUA. Para isto, frutos maduros dos 15 cultivares foram colhidos e analisados química e fisicamente. Os cultivares que se apresentaram mais similares foram 'Kent' e 'Palmer'. O cultivar 'Extrema' não se agrupou com os outros pelo método de agrupamento UPGMA, e, por esta análise houve a separação dos cultivares brasileiros e norte-americanos. Quanto às características químicas, a técnica de componentes principais não agrupou os cultivares 'Extrema' e 'Tommy Atkins' com os demais; já quanto às características físicas, observou-se a mesma separação obtida pelo agrupamento UPGMA, com exceção do cultivar 'Extrema' que, neste caso, agrupou-se com os demais cultivares. Observou-se correlação entre a coloração da polpa, o ângulo hue e o teor de açúcares solúveis totais e entre a coloração da casca, o índice b* e a percentagem de casca e polpa.

  18. The bagging of Annona crassiflora fruits to control fruit borers=Ensacamento de frutos de Annona crassiflora contra broqueadores de frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Michelle Fonseca

    2012-07-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the use of plastic bags to protect the fruits of Annona crassiflora (Annonaceae against Cerconota sp. (Lepidoptera: Oecophoridae. As protection against this fruit-boring insect, 100 fruits were enclosed in plastic bags. Another 100 fruits were not bagged. The fruits were selected from the following five ranges of diameters: 1 = 0.5 – 1.99; 2 = 2.00 – 3.99; 3 = 4.00 – 7.90; 4 = 8.00 – 11.90; and 5 = 12.00 – 16.00 cm. The bagged fruits of various diameters were attacked less frequently by the pest. The bagged fruits with a diameter of less than two cm were not attacked. The percentage of fruits attacked and the number of larvae/fruit increased as the diameter of fruits increased in both treatments. The bagged fruits initially less than two cm in diameter showed the greatest final diameter and height.O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do ensacamento dos frutos de Annona crassiflora (Annonaceae no controle de Cerconota sp. (Lepidoptera: Oecophoridae. 100 frutos foram ensacados com saco plástico e 100 não ensacados em cada uma das cinco categorias de diâmetro: 1 = 0,5 – 1,99; 2 = 2,00 – 3,99; 3 = 4,00 – 7,90; 4 = 8,00 – 11,90 e 5 = 12,00 – 16,00 cm. Os frutos ensacados com sacos plásticos, nos diferentes diâmetros, apresentaram-se menos broqueados. Os frutos ensacados com menos de dois cm de diâmetro não foram broqueados. Observou-se aumento na percentagem de frutos broqueados bem como no número de brocas/fruto broqueado com o aumento na categoria do diâmetro de frutos nos diferentes tratamentos. Os frutos ensacados com menos de dois cm de diâmetro apresentaram maiores diâmetros e alturas de frutos.

  19. Qualidade de frutos ensacados em diferentes genótipos de macieira The quality of bagged fruit of different apple genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira dos Santos

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos verificar se o ensacamento e a retirada das embalagens em diferentes épocas afetam a qualidade dos frutos de diferentes genótipos de macieira. O estudo foi conduzido em pomar orgânico de maçãs, na Epagri/Estação Experimental de Caçador, SC, durante a safra 2005/06, com as cultivares "Fuji Suprema" e "Royal Gala" e com as seleções M-11/00, M-13/00 e MR-11/90. Utilizou-se o delineamento completamente ao acaso, composto por cinco repetições, sendo que cada planta constituiu uma repetição, e desta ensacaram-se todos os frutos. Os tratamentos foram compostos por três épocas de retirada das embalagens (15 e sete dias antes da colheita e na colheita; dois tipos de embalagens (saco de papel manteiga parafinado branco e saco de polipropileno microperfurado transparente; e o controle (frutos não ensacados. Avaliaram-se diâmetro, peso, maturação através da cor de fundo, russeting e queimadura pelo sol. Verificou-se que o ensacamento pode influenciar o tamanho e o peso de frutos em relação aos frutos não ensacados. O tipo de embalagem e o maior tempo de permanência destas nos frutos podem afetar a maturação. Não houve nenhum efeito do ensacamento ou do tipo e época de embalagem sobre a incidência de "russeting". A embalagem de polipropileno microperfurado transparente propiciou em "Fuji Suprema", "Royal Gala" e "MR-11/90" mais queimaduras de frutos em relação à embalagem de papel manteiga parafinado e ao tratamento controle.This study is aimed at evaluating the effect of unbagging during different periods on the quality of the fruits of apple genotypes. The study was carried out in an organic apple orchard, at Epagri/Caçador Experimental Station, SC, during the 2005/06 season, with cv. ‘Fuji Suprema’ and ‘Royal Gala’ and the selections M-11/00, M-13/00 and MR-11/90. The experiment was conducted under completely randomized block design with five repetitions, and each plant

  20. Maturação de frutos de Caesalpinia echinata Lam., pau-brasil Maturation of fruits of Caesalpinia echinata Lam. (Brasil wood

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francismar Francisco Alves Aguiar

    2007-02-01

    Full Text Available Estudaram-se parâmetros indicativos da maturação de frutos de árvores de Caesalpinia echinata, visando determinar a melhor época de colheita para propagação. Foram utilizadas 10 plantas-matriz cultivadas em Mogi-Guaçu, SP, nas quais foram etiquetadas 250 inflorescências no pico da floração para acompanhamento da maturação. As coletas de frutos tiveram início a partir da 5ª semana após a antese, prolongando-se até a 9ª, com intervalos de sete dias. Em cada coleta, analisaram-se os parâmetros: comprimento, largura e teor de água dos frutos; teor de água das sementes (após três dias de exposição ao sol para deiscência do fruto e extração da semente; porcentagem de germinação e peso de matéria seca de frutos, sementes e plântulas. Observou-se, ainda, a coloração dos frutos como parâmetro visual de maturação das sementes. O experimento foi repetido por três anos. Os testes de germinação foram realizados em caixas Gerbox contendo vermiculita umedecida com água destilada. As sementes foram colocadas para germinar em câmara regulada para 30 ºC e fotoperíodo de 12 horas O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado com quatro repetições de 25 sementes por parcela, nos anos de 1991, 1992 e 1993. As leituras de germinação foram realizadas nos 4º e 8º dias após a semeadura. Pelos resultados, conclui-se que o momento ideal para coleta dos frutos de C. echinata é no estádio de pré-dispersão (entre a 8º e 9º após a antese visualizado através da coloração, quando estes mudam de verde para castanho.Several indicative parameters regarding fruit maturity of Caesalpinia echinata were studied in order to establish the ideal harvest time. Ten matrix plants were cultivated in Moji-Guaçu, SP (22°11' to 1022°18' S and 47°13' to 47°20' WG, altitude between 600m and 730m. The climate of the region is classified as Cwa. Two hundred and fifty blossoms were tagged during the the peak

  1. Frutos y semillas medicinales vendidas en plazas de mercado de Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia María Valderrama-Rincón

    2006-01-01

    nombres comunes. Se registraron 33 especies de frutos, 20 de semillas y solo una especie fue comercializada como fruto y semilla. Se establecieron dos tipos de plazas de mercado y se crearon cuatro grupos de frutos y semillas medicinales de acuerdo a los índices utilizados. Tanto con los frutos y semillas como con el resto de plantas medicinales utilizadas en Bogotá, es necesario hacer una revisión exhaustiva taxonómica, etnobotánica, de las propiedades terapéuticas y de los posibles efectos adversos que sustenten o restrinjan el uso de una planta con el fin de mejorar la calidad de vida de los usuarios y vendedores de este recurso.

  2. INDUCCIÓN DE ACTIVIDAD PEROXIDASA Y DE FENOLES TOTALES COMO RESPUESTA DEL FRUTO DE LULO (Solanum quitoense L. AL PATÓGENO CAUSAL DE LA ANTRACNOSIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca L. Higuera

    2009-06-01

    Full Text Available Se evaluó la inducción de peroxidasa en frutos de lulo con el fin de determinar su participación en las respuestas bioquímicas hacia el patógeno Colletotrichum acutatum, causante de la antracnosis. Se establecieron como mejores condiciones para su extracción y para determinación de la actividad: buffer fosfatos 100mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP; sustrato guayacol 15mM, peróxido de hidrógeno 10mM, pH 6,5, 55 °C y 30 µL de extracto. Se realizó un ensayo in vivo usando frutos verdes, pintones y maduros, inoculados con el hongo ó con agua estéril. Se determinó la actividad peroxidasa a diferentes horas a partir de la inoculación encontrándose una respuesta diferencial con el tiempo por efecto de la presencia del patógeno y, según el estado de madurez de los frutos. En lulos verdes inoculados con el hongo se observó aumento en la actividad al cabo de 6 y 144 horas. En lulos pintones no se observó efecto notable, mientras que en maduros el aumento en actividad fue prácticamente a todos los tiempos. Los resultados del contenido de fenoles totales mostraron que hubo acumulación a 96 y 144 horas por efecto del patógeno, para lulos en estado verde y maduro, mientras que para pintones, en los que se presentaron más rápido y con mayor severidad los síntomas de la antracnosis, no se observó aumento a ninguno de los tiempos. En los frutos más enfermos, el cambio en actividad peroxidasa y contenido total de fenoles fue menos evidente por lo que se sugiere una relación inversa de éstos con el desarrollo de la antracnosis.

  3. Caracterización molecular de Fusarium asociado a pudrición basal del fruto en pitahaya (Selenicereus megalanthus.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Salazar-González

    2016-06-01

    Full Text Available   El objetivo de este trabajo fue identificar aislamientos patogénicos de Fusarium en frutos de pitahaya amarilla afectados por pudrición basal. La caracterización molecular se realizó en diecisiete aislamientos asociados con la enfermedad, colectados en zonas productoras de pitahaya amarilla de los departamentos del Valle del Cauca, Risaralda, Boyacá y Cundinamarca, en Colombia. Se usó PCR con los cebadores ITS1 – ITS4 y TEF1α. Las secuencias de los productos de PCR se compararon con las registradas en el Cento Nacional de Información Biotecnológica (NCBI, por sus siglas en inglés, y se alinearon usando Clustal W2, se construyeron las relaciones filogenéticas con el programa MEGA 6 con el coeficiente de máxima verosimilitud. Los resultados de secuenciación para los marcadores mostraron que los aislamientos patogénicos correspondieron a F. oxysporum. El concepto filogenético confirmó que la pudrición basal de la pitahaya amarilla fue causada por F. oxysporum. Se identificó además una especie de Fusarium no reportada en el GenBank.

  4. Avaliação do teor de antocianinas em polpa de acerola congelada proveniente de frutos de 12 diferentes aceroleiras (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Vera Lúcia Arroxelas G. de

    2003-01-01

    Full Text Available A ampla variabilidade genética nos pomares de aceroleiras brasileiros tem gerado frutos de coloração amarela a vermelha púrpura dificultando a obtenção de produtos de coloração avermelhada, cor esperada pelos consumidores. As antocianinas são pigmentos instáveis, responsáveis pela cor vermelha deste fruto maduro. Com o objetivo de determinar o teor destes pigmentos em polpa de acerola submetida ao congelamento foi instalado um experimento inteiramente casualisado. As polpas obtidas de frutos de 12 acessos (plantas do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE foram armazenadas a -18ºC, por um período de 06 meses. Unidades amostrais de 30g foram coletadas ao acaso, no período inicial e final do experimento, e submetidas a determinação quantitativa de antocianinas totais utilizando um método espectrofotométrico. Grande variação nos teores de antocianinas totais foi observada nos acessos estudados. No tempo zero de armazenamento o valor mínimo e máximo deste fitoquímico foi de 59,74mg e 3,79mg.100g -1 de polpa, respectivamente. Após seis meses de congelamento foi constatada uma redução de 3,4% a 23,6% no teor desse pigmento nas amostras avaliadas. Evidenciou-se, portanto, que o armazenamento a -18ºC por seis meses reduziu o teor de antocianinas e que os pigmentos antociânicos dos acessos 08 e 13 apresentaram-se mais estáveis ao congelamento.

  5. Conservação pós-colheita de frutos de goiabeira, variedade Paluma Post-harvest conservation of fruit of guava, var. Paluma

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Gonzaga Neto

    1999-01-01

    Full Text Available Objetivando aumentar a vida útil de frutos da goiabeira (Psidium guajava L., variedade Paluma, nos primeiros dezesseis dias pós-colheita, foi realizado, no município de Petrolina, PE, região do Vale do São Francisco, um estudo para determinar o efeito da concentração de cálcio (Ca, do ambiente de armazenamento e do tipo de embalagem, na vida útil da goiaba. Foram estudados dois ambientes de armazenamento (condições naturais e ambiente refrigerado, três concentrações de Ca (0,5, 1,0 e 1,5% e dois tipos de embalagem do fruto (saco de polietileno transparente e saco de papel- manteiga. Doze tratamentos foram testados no delineamento de blocos ao acaso, com três repetições, num arranjo fatorial 3x2x2. Foram determinados os parâmetros: perda de peso e da cor verde da casca do fruto, e o teor de sólidos solúveis totais. Verificou-se que frutos da variedade Paluma colhidos "de vez" (frutos completamente desenvolvidos, mas com a casca verde mantiveram suas características comerciais por até dezesseis dias de armazenamento quando foram embalados em saco de polietileno transparente e sem furo, e armazenado em ambiente refrigerado a 10ºC, e 90% de umidade relativa.The study was undertaken to increase the shelf life of fruits of guava (Psidium guajava L. var. Paluma in the post-harvest period in the São Francisco River Valley (Petrolina, PE, Brazil. Effects of calcium (Ca concentration, storing condition and fruit wrapping material in the shelf life of fruit of guava were studied. Twelve treatments were tested in a randomized complete block design, in a 2 x 3 x2 factorial arrangement, comprising the following variables: two storing conditions (natural temperature and refrigerated, three Ca concentrations (0.5, 1.0 and 1.5% and two fruit wrapping materials (transparent poliethylene bag and impervious paper bag. The following guava parameters were evaluated: weight and peel green color losses and total soluble solids. It was observed

  6. SISTEMA DE ESTRÉS OXIDATIVO, FENOLES-POLIFENOL OXIDASA-PEROXIDASA, DE FRUTOS DE PITAHAYA (Hylocereus undatus ALMACENADOS CON FRÍO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Balois-Morales

    2007-01-01

    Full Text Available El objetivo de esta investigación fue evaluar el efecto de la temperatura en el metabolismo oxidativo de frutos de pitahaya (Hylocereus undatus durante el almacenamiento con frío y temperatura ambiente. Lotes de frutos, cosechados en Tehuacán, Puebla, fueron almacenados cuatro días a temperatura ambiente (22±1 °C, y a 3, 7 y 11±1 °C durante 7, 14 y 21 días, y cuatro días a 22±1 °C al concluir cada período de frigoalmacenamiento. Se determinó el contenido de fenoles totales y la actividad de la polifenol oxidasa (EC. 1.14.18.1; PFO y peroxidasa (EC. 1.11.1.7; POD en la pulpa de los frutos de 20 tratamientos que incluyó un testigo sin almacenamiento. Cuatro días de almacenamiento a 22 ºC no modificaron el contenido de fenoles solubles (2.4 mg·g-1, respecto al testigo. El almacenamiento con frío generó pocos cambios en los fenoles y tendieron a incrementar con el tiempo de almacenamiento y temperaturas menores. El almacenamiento con frío inhibió, sin un patrón identificable, las actividades PFO y POD; siete y 21 días a 3 ºC disminuyeron 50 % (> 10 U·g-1 la actividad PFO y la inhibición se mantuvo después de cuatro días a 22 ºC, complementarios al frigoalmacenamiento. El cambio a 22±1 ºC, por cuatro días, después de los períodos a 3±1 ºC mantuvo inhibida la actividad POD; en contraste, la inhibición a 7 y 11±1 ºC fue parcial o totalmente revertida después de regresar los frutos a 22±1 ºC. Los resultados pueden tomarse como evidencia de que sólo las temperaturas menores a 11 ºC provocan degradación celular parcial en los frutos de pitahaya y es reversible, cuando el período es sólo de algunos días.

  7. Caracterización de la maduración del fruto de pina nativa (Ananas comosus L. Merrill CV. India Charaeterization of the ripening of pineapple (Ananas comosus L. Merrill ev. India fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Morales Madelaide

    2001-12-01

    Full Text Available El presente estudio tuvo como propósito caracterizar física, química y fisiológicamente el desarrollo de la maduración del fruto de piña nativa cv. India, conservado en fresco a 20°C. Durante el periodo de maduración del fruto, se encontró que la intensidad respiratoria no tuvo ningún incremento, lo que permitió clasificar al fruto como no climatérico. Este comportamiento estuvo acompañado por perdida de peso, disminución de la consistencia del mesocarpio del fruto, aumento en ácidos orgánicos, acidez, azúcares y disminución en los sólidos solubles y pH. El análisis de calidad mostró el detrimento de las características organolépticas que hacen apetecible el fruto, como son apariencia, sabor, color y aroma.This study was conducted to characterize physical, chemical
    and physiologically the development of maturation of fruit
    native pineapple cv. India, kept fresh at 20°C. During the fruit
    rnaturation, the respiratory intensity did not have any incrcase,
    which allowed to classify the fruit as non climacteric. This
    behavior was accompanied by loss of weight, decrease of
    consistency of edible fruit portion, increase in organic acids,
    acidity and sugars and decrease in soluble solids and pH.
    The quality analysis showed loss of organoleptic
    characteristics that make desirable the fruit, like appearance,
    flavor and color.

  8. Variações anuais na produção de frutos e sementes de Castanheira-do-Brasil (Bertholletia excelsa Bonpl., Lecythidaceae em florestas nativas de Roraima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helio Tonini

    2014-02-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estudar as variações anuais na produção de frutos e sementes entre populações e indivíduos em castanhais nativos de Roraima. Os dados foram obtidos em cinco parcelas permanentes de 300 m x 300 m instaladas nos Municípios de Caracaraí e São João da Baliza. Nas parcelas permanentes, todas as castanheiras com diâmetro à altura do peito (DAP superior ou igual a 10 cm foram identificadas, medidas e numeradas através de placas de alumínio presas aos fustes por pregos. Durante o período de queda dos frutos (março a julho, as árvores foram visitadas em duas ocasiões no meio e no final desse período, e os frutos contados, abertos e pesados com balança de gancho digital com precisão de 50 g. A produção de frutos e sementes varia entre populações e indivíduos e a maioria não produz frutos todos os anos. No ano de maior produção, um castanhal chega a produzir 52 vezes mais do que em anos de baixa. Nos locais estudados, a produção total concentra-se em um pequeno número de indivíduos com um ano de pico de produção (mast-year.

  9. Tipificación de Diferentes Estados de Madurez del Fruto de Agraz (Vaccinium meridionale Swartz / Classification of Different Maturity Stages of Agraz (Vaccinium meridionale Swartz Fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Marcela Buitrago Guacaneme

    2014-12-01

    Full Text Available Resumen. La planta de agraz o mortiño es un arbusto que perteneceal género Vaccinium, conocido hoy en día por ser fuente de altoscontenidos de antioxidantes en sus frutos, por consiguiente sirvepara inhibir la oxidación de las grasas y es usado como nutracéuticoen la prevención de enfermedades degenerativas en el humano,aspectos que han favorecido sus posibilidades de transformacióny comercialización. En el mercado se observan frutos en diferentesgrados de madurez, en detrimento de la calidad final; en partepor carecer de una caracterización fisicoquímica y de un criteriodefinido para la recolección del fruto. Por lo tanto, se establecieronestados de madurez basados en el color de la epidermis, por mediode los cuales se caracterizó el fruto. En cada estado de madurez,se evaluó el peso promedio, diámetro, pH, sólidos solubles totales(SST, acidez total titulable (ATT, relación de madurez (SST/ATTy porcentaje de germinación de las semillas. De acuerdo al colordel fruto se establecieron seis estados de madurez (0-5, diámetrode 0,8 a 1 cm y peso aproximado de 0,5 g. Los SST presentaronvalores de 7,3 a 13,8 ºBrix con un comportamiento ascendentedurante la maduración, contrario a la tendencia descendente queexhibió la firmeza y el pH con valores de 5,8 a 0,54 y 2,32 a 2,1respectivamente; por su parte la ATT presentó una variación de2,2 a 3. Se observó un incremento en la relación de madurez de2,56 en el estado 0 a 6,17 en el estado 5. / Abstract. Colombian blueberry is a bush from the Vacciniumgenus, known nowadays for the high antioxidants levels of itsfruits known as berries, that is why they are very useful for inhibitthe fat oxidation and also used as a nutraceutic for prevention ofdegenerative diseases in humans, facts which have enhanced thetransformation and marketing possibilities. In the market thereare fruits in different maturity grades, affecting the final qualityobtained, partly because of the lack of a chemical

  10. Qualidade e potencial de conservação pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2013-12-01

    Full Text Available Foi avaliada a manutenção da qualidade pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana. Frutos das cultivares Alcântara, Helena, Mattos e Nonante foram colhidos na maturação comercial, no município de São Joaquim-SC, e armazenados a 4±1 ºC (90±5% UR, durante 21 dias, seguido de 8 e 48 h a 23±1 ºC (75±5% UR. Foram avaliadas a composição mineral (N, K, Mg e Ca na colheita e a qualidade dos frutos na colheita e após o armazenamento. Frutos da cultivar Nonante apresentaram na colheita maiores valores de acidez titulável (AT pH e de atributos de textura, e menores valores de pH e da relação sólidos solúveis/acidez titulável (SS/AT, sendo que, após o armazenamento refrigerado, este comportamento foi reduzido, com menores diferenças em relação às demais cultivares. Frutos de 'Nonante' apresentaram também maiores teores de K na casca e polpa, e menores teores de N na polpa e, após o armazenamento refrigerado, cor verde menos intensa na casca e menor escurecimento de polpa. Em relação aos dados de colheita, após o armazenamento refrigerado, houve maior redução na AT (41% do que no teor de SS (8,6%, o que ocasionou acentuado aumento na relação SS/AT (52,5%, considerando valores médios das quatro cultivares. Isto evidencia que, em goiaba-serrana, os ácidos orgânicos representam o principal substrato respiratório durante o armazenamento, o que compromete a qualidade sensorial pelo aumento na relação SS/AT. Frutos de 'Alcântara' foram também avaliados quanto aos efeitos do dano mecânico na colheita e do retardo no armazenamento refrigerado, na qualidade após o armazenamento. O dano mecânico na colheita (dano por queda, a uma altura de 50 cm, sobre uma superfície rígida ocasionou mínimo comprometimento da qualidade após o armazenamento refrigerado. Frutos desta cultivar apresentaram redução na AT (31%, textura da periderme (33% e força para a compressão (13%, e aumento no pH (20% e

  11. Anatomía y desarrollo del fruto en Piriqueta y Turnera (Turneraceae Anatomy and development of fruits in Piriqueta and Turnera (Turneraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Gonzalez

    2010-12-01

    Full Text Available En este estudio se analiza la anatomía, estructura y desarrollo de los frutos en 12 especies de Piriqueta y 30 especies de Turnera; con el objetivo de identificar la estructura involucrada en la dehiscencia y verificar la existencia de patrones en la organización del fruto entre las especies analizadas. El ovario es sincárpico, tricarpelar, unilocular con placentación parietal, presentando la misma estructura en todas las especies. Ambas epidermis carpelares son uniestratificadas y tienen estomas, el mesófilo es parenquimático con 3 haces dorsales y 3 marginales. Durante el desarrollo del fruto, la epidermis externa forma un epicarpo papiloso en las especies de Piriqueta. El mesocarpio deriva de los estratos medios del ovario, formando un estrato mecánico de braquiesclereidas. Estas esclereidas pueden organizarse como un cilindro continuo determinando frutos de superficie lisa o agruparse en nidos, unidos o no, determinando así frutos granulares, verrugosos, o tuberculados. Las cápsulas son loculicidas, con línea de dehiscencia formada por macroesclereidas dispuestas longitudinalmente en el fruto, paralelas al haz carpelar dorsal. Se concluye que los diferentes tipos de pericarpio son un rasgo post-fecundación, dado que la estructura del ovario es exactamente la misma en todas las especies analizadas. Se analiza la anatomía del fruto en relación al esquema taxonómico actualizado.The aims of this work were to describe the morphology, anatomy and development of the fruits of 12 species of Piriqueta and 30 species of Turnera; to identify the structures related to the process of dehiscence of the capsule; and to verify the occurrence of standards carpological structure between the studied species. The ovary is 3-carpellar, syncarpous, unilocular with parietal placentation and has the same anatomical structure in all studied species. The outer and inner epidermises are single-layered with stomata; the ovarian mesophyll is composed by

  12. Influência do substrato, tamanho de sementes e maturação de frutos na formação de mudas de pitangueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo Corrêa Antunes

    2012-12-01

    Full Text Available Os experimentos foram realizados na Embrapa Clima Temperado, e as muda , conduzidas em bandejas de poliestireno expandido, de 72 células, colocadas em casa de vegetação com irrigação manual. O delineamento experimental adotado nos experimentos foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial, utilizando-se de quatro repetições com 12 sementes cada (Experimento 1 e três repetições com 18 sementes cada (Experimento 2. Os tratamentos do Experimento 1 foram o tamanho de semente (média e pequena e o substrato (Plantimax®, vermiculita e fibra de coco. Já no Experimento 2, os tratamentos utilizados foram as seleções de pitangueira (67 e172 e a maturação do fruto (parcial e totalmente maduro. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de emergência, comprimento da parte aérea e da maior raiz (cm, número de folhas por planta, massa da matéria seca da raiz e da parte aérea (g, sementes brocadas, dormentes e não emergidas. As sementes de tamanho médio foram superiores às pequenas em todas as variáveis avaliadas. O substrato Plantimax® proporcionou maior massa da matéria seca total do que a fibra de coco, porém não diferindo da vermiculita. A seleção 172 apresentou maior porcentagem de emergência e menor dormência do que a 67. As sementes oriundas dos frutos totalmente maduros apresentaram maior dormência e menor número de folhas do que as sementes de frutos parcialmente maduros. Conclui-se que a utilização de sementes de tamanho médio e do substrato Plantimax® proporciona melhor desenvolvimento inicial de mudas de pitangueira. O grau de maturação dos frutos afeta o processo de dormência das sementes e o desenvolvimento inicial das mudas de pitangueira.

  13. Efecto de la práctica de embolsado sobre la calidad del fruto en feijoa (Acca sellowiana Berg tander

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fánor Casierra-Posada

    2011-11-01

    Full Text Available El  cultivo de  feijoa  (Acca  sellowiana Berg.  se ha  extendido  durante  los últimos  años  en  el territorio colombiano, debido a que  la  fruta es muy apetecida en el mercado por las excelentes propiedades  organolépticas.  Sin  embargo,  la cal idad  y  sanidad  exigidas  para  la comercialización  se  ven  afectadas  por  varios factores,  entre  los  que  se  encuentra  el  daño causado  por  la mosca de  la  fruta  (Anastrepha spp..  Por  tanto,  la  evaluación  del  efecto  de embolsado sobre la calidad de la fruta de feijoa es un tema de gran interés. Además, esta técnica es comúnmente usada en guayaba que pertenecea la misma familia que la feijoa (Mirtáceae. Para el estudio, se embolsaron flores en el momento de  la caída de pétalos, y cada semana después hasta  cuat ro  semanas.   Los  frutos  que  se embolsaron a la caída de pétalos detuvieron su crecimiento; aquellos embolsados una, dos y tres semanas  después  de  la  caída  de  pétalos  no reportaron diferencias significativas en cuanto los parámetros  evaluados  (peso  fresco,  peso  seco, diámetro transversal y  longitudinal, intensidad de infestación,  sólidos  solubles  totales  y  acidez titulable Los frutos embolsados cuatro semanas después de la caída de pétalos fueron de mayor peso,  tamaño y más dulces con  respecto a  los demás. La efectividad en el control de mosca de la  fruta  fue evidente. El embolsado, además de mejorar la sanidad del fruto,  influyó en su calidad y permitió obtener un producto con características adecuadas para el mercado.

  14. por aplicación de 6-bencilaminopurina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aaran A. Morales P.

    2015-01-01

    Full Text Available La chirimoya (Annona cherimola Mill. es climatérica, su vida poscosecha se acorta por el bronceado de cáscara y ablandamiento del fruto. El objetivo de esta investigación fue evaluar el efecto poscosecha de la aplicación de 6-bencilaminopurina (BAP en chirimoya ‘Fino de Jete’. Los frutos se seleccionaron aleatoriamente de la parte media y basal de la copa de seis árboles y se les aplicó 1,0 mM o 0 mM BAP. Los frutos permanecieron en el árbol 8 y 15 días después de la aplicación; después de la cosecha se transportaron por 1,5 h y se almacenaron en refrigeración (TR (6 °C o temperatura ambiente (TA (16 ± 2 °C. A partir de 1 y hasta 15 días después de cosecha (DDC, cada tercer día se analizó pérdida de peso, color L*, a* y b*, firmeza y deformación de fruto. Después de 15 días de almacenamiento a TA, 1 mM BAP aplicado en cualquier fecha redujo el oscurecimiento poscosecha de la cáscara, conservando el color L* más de 35% en relación al control (ρ ≤ 0,05.

  15. ASPECTOS MORFOANATÔMICOS DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE, SUBMETIDOS A TRATAMENTOS COM REGULADORES VEGETAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA BERNARDETE GONÇALVES MARTINS

    1997-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como finalidade obter dados morfológicos de frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. `Ângela Gigante', submetidos à ação de reguladores vegetais, em dois ensaios que ocorreram em épocas distintas, em casa de vegetação. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação. Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas definitivas, realizaram-se as pulverizações com giberelina, GA3 50 mg/L; ácido naftalenacético, NAA 100 mg/L; cloreto (2-cloroetil trimetilamônio, CCC 1.500 mg/L e ácido succínico -2,2 dimetil-hidrazida, SADH 3.000 mg/L. Em relação aos estudos anatômicos, observou-se que os tratamentos com retardadores vegetais (CCC e SADH produziram frutos firmes, com formato tipo barril e ombros salientes; entretanto, em seção transversal, notou-se perda de viscosidade e atrofia de sementes, principalmente nos frutos de plantas tratadas com SADH. Os tratamentos com NAA e GA3 causaram eventual formação de frutos geminados. O tratamento com GA3 apresentou o parênquima do pericarpo com grãos de amido em processo de fragmentação, provavelmente em virtude de o GA3 acelerar a atividade da amilase, afetando o processo de maturação dos frutos e transformando o amido em açúcares. Notaram-se no mesocarpo células com grande quantidade de cristais de oxalato de cálcio sob a forma de areia cristalina. Do tratamento com CCC resultaram frutos suculentos com células da placenta degeneradas, deixando livre grande quantidade de mucilagem. O pericarpo apresentou grande quantidade de grãos de amido composto em toda a extensão, provavelmente por haver um atraso no processo de

  16. PHYSICAL CHARACTERIZATION OF PEQUI FRUITS (Caryocar brasiliense Camb. IN THE GOIÁS STATE CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE FRUTOS DO PEQUIZEIRO (Caryocar brasiliense Camb. NO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Vera

    2007-09-01

    ão, identificaram-se três sub-populações de pequizeiros, denominadas por áreas. Em cada área, elegeram-se cinco árvores para a coleta dos frutos. Foram analisadas as características físicas: massas do fruto, da casca, do caroço, da polpa e da amêndoa; dimensões do fruto e do caroço, espessura da casca e cor da polpa. Os resultados indicaram que há diferenças nas características físicas estudadas entre os frutos das diferentes regiões. A polpa fresca comestível representa 8,53% da massa dos frutos. As diferenças nas características físicas dos frutos ocorrem, principalmente, em frutos dentro de plantas, em plantas dentro de áreas e entre as regiões estudadas.

    PALAVRAS-CHAVE: Frutos do cerrado; pequi; fruteira nativa.

  17. COMPORTAMIENTO DEL FRUTO DE AGRAZ (Vaccinium meridionale Swartz COSECHADO EN DIFERENTES ESTADOS DE MADUREZ Y ALMACENADO EN REFRIGERACIÓN BEHAVIOR OF AGRAZ FRUIT (Vaccinium meridionale Swartz HARVESTED IN DIFFERENT MATURITY STAGES AND STORED UNDER REFRIGERATION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Cecilia Rincón Soledad

    2012-06-01

    Full Text Available Resumen. El agraz o mortiño es un frutal promisorio, considerado como un alimento funcional por su contenido de antocianinas, antioxidantes y vitaminas; no obstante, es un fruto altamente perecedero que pierde rápidamente su calidad comercial y nutricional. El objetivo fue evaluar el comportamiento de frutos de agraz cosechados en tres estados de madurez y almacenados en condiciones de refrigeración. Se utilizó un diseño completamente al azar con arreglo factorial 3x3, donde el primer factor fue la temperatura de almacenamiento: 1, 8 y 20 °C; el segundo factor correspondió al estado de madurez: 3, 4 y 5, el cual se estableció de acuerdo al color de la epidermis del fruto. Se realizaron mediciones de calidad del fruto. Los resultados indicaron que los frutos almacenados a 8 °C en estado de madurez 3 y 4 conservaron las características de calidad comercial hasta los 45 días y para el estado 5 sólo hasta los 25 días. Mientras que a temperatura ambiente los frutos conservaron su vida útil hasta los 21 días en los diferente estados de madurez evaluados. Los frutos del estado 3 y almacenados a 1 °C tuvieron mayor firmeza y acidez total titulable, un alto contenido de sólidos solubles totales y la menor relación de madurez. Para mantener la calidad del fruto de agraz por largo tiempo, se recomienda refrigerar los frutos, en el estado 3 de madurez, a 1 °C.Abstract. The Ericaceae agraz or mortiño is a promising fruit, is considered as a functional food for its high content of anthocyanins, antioxidants and vitamins. It is a highly perishable fruit that quickly loses its commercial and nutritional quality. The objective was to evaluate the behavior of unripe fruits harvested at three maturity stages and stored under refrigeration. It was used a completely randomized design with 3x3 factorial arrangement, where the first factor was the storage temperature: 1, 8 and 20 °C; the second factor corresponded to maturity: 3, 4 and 5, which

  18. Efecto del extracto del fruto de Physalis peruviana "tomatillo" en Mus musculus var. swis con hiperlipidemia inducida.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Campos Florián

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de la presente i nvestigación fue determinar la actividad hipolipidémica del fruto de Physalis peruviana “tomatillo” en un modelo de hiperlipidemia aguda inducida con tritón. Se utilizaron Mus musculus var. swis machos como animales de experimentación. Se trabajó con cuatro grupos de ratones, el grupo blanco recibió agua destilada por vía oral y solución salina fisiológica por vía intraperitoneal, el grupo control recibió agua destilada por vía oral y tritón por vía intraperitoneal, el grupo problema 1 recibió por vía oral 0.05g/100g del extracto de Physalis peruviana y tritón por vía intraperitoneal y el grupo problema 2 recibió por vía oral 0.2g/100g del extracto de Physalis peruviana y tritón por vía intraperitoneal. Luego de 24 horas de administrar los tratamientos se re alizaron las mediciones en suero de las concentraciones de colesterol y triglicéridos. Los niveles promedio de colesterol (mg/dL fueron: 58.87±11.54 (blanco, 121.71±15.00 (control, 58.08±9. 21 (problema 1 y 66.78±16.77 (problema 2. Los niveles promedio de triglicéridos (g/L fueron: 0.48±0.07 (blanco, 1.84±0.18 (control, 0.34±0.10 (problema 1 y 0.94±0.25 (problema 2. Se encontró reducciones significativas (p<0.000, tanto de las concentraciones de colesterol como de triglicéridos en relación a las o btenidas en el grupo tratado sólo con tritón.

  19. Preparo de amostras e métodos para a determinação do teor de óleo essencial de frutos de limoeiro Samples preparation form and methods of analysis for determination of essential oil content on lemon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Grassi Filho

    2005-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar alternativas de preparo da amostra e os métodos quantitativos para a determinação do teor de óleo em frutos de limão. Os tratamentos foram avaliados por meio do delineamento estatístico inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2x6, com quatro repetições, sendo duas variedades-copa de limoeiro verdadeiro ('Siciliano' e 'Eureka', dois métodos analíticos para a determinação do teor de óleo (Scott e Clevenger e seis formas de preparo dos frutos para análise (análise do fruto inteiro; frutos cortados na longitudinal e análise de ¼; frutos cortados na longitudinal e análise de ¹/2; frutos cortados ao meio e análise da parte superior; frutos cortados ao meio e análise da parte inferior; e análise de ²/8 do fruto. O método denominado de Clevenger foi o mais eficiente na determinação do teor de óleo essencial, e as formas de preparo de amostras ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal e ½ longitudinal dos frutos proporcionaram valores superiores de óleo essencial.The aim of this research was to evaluate the samples preparation form and methods of analysis to determinate the essential oil content in 'Siciliano' and 'Eureka' lemon fruits. The better sample form was determinated using the fresh and mature fruit, as following: analysis of full fruits, fruits cut in longitudinal way and analysis of ¹/4 of this one, fruits cut in longitudinal way and analysis of the half, fruits cut in the middle and superior part analysis, fruits cut in the middle and inferior part analysis and ²/8 of fruits analysis. The treatments were evaluated by a completely randomized experimental design, in a factorial scheme 2x2x6, with four replications. It was concluded that the Clevenger method was more efficient on the determination of the oil content, and the fruits cut in the ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal and ½ longitudinal way provided superior values of essential oil content.

  20. Ensacamento de frutos do tomateiro visando ao controle de pragas e à redução de defensivos Paper bags for pest control and pesticide use reduction on tomato fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Luis Jordão

    2002-06-01

    Full Text Available O ensacamento de frutos durante o seu desenvolvimento na planta, além do objetivo de controlar pragas pode reduzir resíduos de defensivos e manejar aspectos qualitativos. Com o objetivo de controle das pragas Neoleucinodes elegantalis, Helicoverpa zea e Tuta absoluta e redução de resíduos de inseticidas, pencas de tomates, foram ensacadas com papel-manteiga. Além do efeito do ensacamento, foram testados dois repelentes de insetos. Foram realizados cinco tratamentos. A eficiência do ensacamento e dos repelentes foi verificada por meio do número médio de lagartas encontradas por tratamento. A quantidade de resíduo de metamidofós encontrada nos frutos ensacados e nos frutos expostos diretamente à pulverização foi comparada ao limite máximo permitido. Verificou-se, também, a qualidade dos frutos produzidos pelo método do ensacamento através de análises físico-químicas dos tomates. Os custos do método do ensacamento foram comparados aos do método químico. O ensacamento, associado ou não aos repelentes, reduz o ataque das lagartas N. elegantalis e H. zea aos frutos. Para o controle de T. absoluta é necessária a integração com controle químico nas épocas de maior infestação. Os frutos não ensacados possuíam quantidade de metamidofós seis vezes superiores ao máximo tolerado e os frutos ensacados quantidade três vezes inferiores a este limite. O ensacamento das pencas de tomates não modificou os parâmetros físico-químicos dos frutos produzidos. O método do ensacamento requer maior investimento econômico, porém esse investimento atinge um mercado diferencial, com preços mais elevados.The development of fruits in paper bags aims at the control of pests, reduction of pesticide residues and the management of qualitative aspects. This work evaluates the efficacy of paper bags in combination with deodorant tablets and garlic clove on the control of the pest agents Neoleucinodes elegantalis, Helicoverpa zea and Tuta

  1. Características de frutos de pimentão pulverizados com produtos de ação bactericida Characteristics of bell pepper fruits affected by products with bactericidal action

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariella C Rocha

    2006-06-01

    Full Text Available Muitas das tecnologias desenvolvidas para a cultura do pimentão estão voltadas para a melhoria da produtividade e da aparência dos frutos sem considerar aspectos como sabor, valor nutricional e resíduos tóxicos remanescentes. O presente trabalho teve como objetivos avaliar o efeito de pulverizações semanais com biofertilizante Agrobio (5%, oxicloreto de cobre (2,4 g L-1, sulfato de estreptomicina + oxitetraciclina (0,8 g L-1 e testemunha (água, sobre a produtividade e a qualidade de frutos de três cultivares de pimentão: Magda, Cascadura Itaipu e o híbrido Magali R. Adotou-se o delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições, em esquema fatorial (4x3. As variáveis analisadas foram produtividade, características físicas e físico-químicas, teor e acúmulo de fósforo, cobre e chumbo nos frutos. Observou-se maior diâmetro longitudinal e volume dos frutos e maiores produtividade e eficiência no aproveitamento do fósforo pelo híbrido 'Magali R'. Observaram-se diferenças entre as cultivares quanto à taxa de acúmulo de cobre nos frutos, tendo sido quatro vezes maior em frutos de "Magda" pulverizados com oxicloreto de cobre que nos demais tratamentos e, nenhum efeito dos tratamentos sobre o acúmulo de chumbo. Os teores de cobre e chumbo encontrados, porém, estão dentro da faixa aceitável pela Anvisa. Constatou-se, ainda, que as aplicações de cobre afetam o sabor dos frutos, principalmente por influenciar em sua acidez total titulável, expressa em maiores teores de ácido cítrico e menores valores de pH. Os resultados apontam, ainda, para uma relação entre acúmulo de cobre nos frutos e eficiência do uso de fósforo, sendo, porém, necessários novos estudos para sua comprovação.Most technologies used for bell pepper production emphasize yields, shape and size of the fruits, with less attention to features such as flavor, nutritional value and toxic residue content. The objectives of the present work

  2. Produção e qualidade dos frutos da goiabeira 'Pedro Sato' submetida a diferentes épocas de poda Production and quality of guava fruits 'Pedro Sato' submitted to different pruning times

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo Hissayuki Hojo

    2007-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi verificar a possibilidade de produção de goiaba de boa qualidade comercial, em diferentes épocas do ano, de acordo com podas realizadas em setembro e dezembro de 2003, março e junho de 2004. Utilizaram-se goiabeiras, cultivar Pedro Sato, com os ramos podados a 30 cm da base, sem desfolhamento, com quatro anos de idade, em delineamento de blocos ao acaso. Avaliaram-se: número de frutos produzidos, produção por planta, firmeza, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT, pH e açúcares solúveis totais. Observou-se que as épocas de poda afetaram de maneira expressiva as características avaliadas. A produção de frutos por planta variou de 269,8 a 500,8 e foi inversamente proporcional ao peso dos frutos (186,9 a 205,5 g. A produção foi entre 55,5 e 93,6 kg por planta. O período de poda também influenciou as características físico-químicas dos frutos, mas não afetou a firmeza. É possível a produção de frutos de boa qualidade ao longo de nove meses do ano, com o manejo das podas.The objective of this work was to verify the possibility of fruit production at different periods, according to the pruning time (September and December 2003 and March and June 2004. The experimental design was a randomized blocks with guava plants of cultivar Pedro Sato per repetition, with four-years old, no defoliation, and branches prunned with 30 cm length. Evaluations consisted of: number of fruits per plant, plant yield, firmness, soluble solids (SS, titratable acidity (AT, SS/AT ratio, pH and total soluble sugars. It was observed that the pruning periods affected these characteristics. The fruit number per plant varied from 269.8 to 500.8. Fruit weight (186.9 to 205.5 g was inversely proportional to the yield per plant. The total yield weight of fruits varied from 55.5 to 93.6 kg per plant. The pruning period also influenced significantly physio-chemical characteristics of the fruits, but not the

  3. Marketing de banana: preferências do consumidor quanto aos atributos de qualidade dos frutos Marketing of banana: consumer preferences relating to fruit quality attributes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando César Akira Urbano Matsuura

    2004-04-01

    Full Text Available O Brasil produz aproximadamente seis milhões de toneladas por ano de banana (Musa spp., com consumo médio da ordem de 35 kg/ habitante / ano. A aceitação da banana deve-se, principalmente, a seus aspectos sensoriais, valor nutricional e conveniência. A identificação das necessidades e desejos dos clientes consiste em uma atividade crítica do marketing. O objetivo deste trabalho foi o de pesquisar as preferências do consumidor de um mercado local (município de Cruz das Almas - Estado da Bahia considerando os atributos de qualidade dos frutos frescos de banana madura. A metodologia utilizada foi a da pesquisa descritiva por método estatístico. Os dados foram coletados por questionário, na forma de entrevista pessoal com 400 pessoas. Os atributos de qualidade (variáveis questionados e avaliados foram relacionados com a aparência, cor, textura, aroma, sabor e vida útil esperada dos frutos de banana. De acordo com a preferência dos consumidores entrevistados, o fruto de banana maduro ideal deve apresentar características como: penca contendo 10 a 12 dedos (frutos, dedos de tamanho médio ou grande, diâmetro médio, quina presente, ausência de pintas pretas na casca, cor da polpa amarelo-clara ou média, textura firme, aroma e sabor de intensidade média, mediamente doce e vida útil de 7 a 10 dias em condição ambiente. O sabor, vida útil e aparência dos frutos de banana são considerados os mais importantes atributos na escolha ou compra da banana, segundo os consumidores entrevistados.Brazil has an approximate production of six million annual tons of banana (Musa spp., with a consumption close to 35 kg / inhabitant / year. The acceptance of the banana fruit is due, mainly, to its sensorial aspects, nutritional value and convenience. The identification of the customers' needs and desires consists of a critical activity of the marketing. The objective of this work was to research the consumer preferences of a local market (Cruz

  4. Notas sobre frutos y semillas de plantas colombianas I. Parkia (Fabaceae: Mimosoidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Linares

    2000-07-01

    Full Text Available En el presente trabajo se llevó a cabo el estudio de los frutos y sernillas de los géneros de Parkia distribuidos en Colombia. En dicho estudio, realizado con ejemplares de colección del Herbario Nacional Colombiano, se encontraron siete especies pertenecientes a dicho genero (P. igneif1ora, P. discolor, P. multijuga, P. nitido, P. panarensis, P. pendulo, P. velutina, a cada una de las cuales se le realizó la descripción detallada de los frutos y las semillas y se elaboraron dibujos en los cuales se resaltan los caracteres más sobresalientes.

  5. MICROORGANISMOS ASOCIADOS A FRUTOS EMBOLSADOS DE GUAYABA TAIWANESA VARIEDAD TAI KUO

    OpenAIRE

    Rossy Morera-Montoya; Helga Blanco-Metzler

    2009-01-01

    El presente trabajo se efectuó con el objetivo de identificar microorganismos asociados al fruto de la guayaba en frutos embolsados de una plantación comercial en Carrillo de Poás, Alajuela, Costa Rica, durante la época seca y lluviosa del año 2007. Se realizaron aislamientos en el laboratorio para determinar la presencia y tipo de microorganismo asociado a los síntomas. Se utilizaron cuatro tipos diferentes de material para embolsar: papel encerado, tergal (bolsa de nylon), papel de director...

  6. Archaea como componentes da microbiota endofítica de frutos do cafeeiro

    OpenAIRE

    Oliveira, Marcelo Nagem Valério de

    2009-01-01

    Este é o primeiro estudo de diversidade genética da comunidade de Archaea associada a frutos de café (Coffea arabica L.). Ele foi realizado em amostras de frutos no estádio cereja das cultivares Bourbon Amarelo, Bourbon Vermelho, Catuaí Amarelo, Catuaí Vermelho e Catucaí Vermelho, em diferentes altitudes. A diversidade de arqueas presentes durante a secagem natural de grãos despolpados em terreiro revestido com cimento também foi estudada. A adição de proteases durante a etapa de lise celular...

  7. Frutos y semillas comestibles en el Estado de México

    OpenAIRE

    Isabel Martínez-De La Cruz

    2015-01-01

    El Estado de México conjuga condiciones edafoclimaticas para el desarrollo de frutales que son fuente de fibras, vitaminas y minerales. Con el objetivo de inventariar las especies con frutos o semillas comestibles, se llevó a cabo una recolecta de ejemplares de junio 2012 a mayo de 2013. Informantes clave aportaron datos sobre las especies con frutos y semillas comestibles. Los ejemplares se determinaron taxonómicamente, la designación del hábito de crecimiento (hierba, arbusto o árbol), el o...

  8. Consumo de frutos secos y aceites vegetales en personas con diabetes mellitus tipo 1

    OpenAIRE

    Ferrer-García, Juan Carlos; Granell Vidal, Lina; Muñoz Izquierdo, Amparo; Sánchez Juan, Carlos

    2015-01-01

    Introducción: estudios recientes han demostrado los beneficios cardiovasculares de la dieta mediterránea enriquecida con aceite de oliva y frutos secos. Las personas con diabetes, que tienen un mayor riesgo de complicaciones cardiovasculares, podrían beneficiarse en gran medida de seguir ese tipo de patrón alimentario. Objetivos: análisis de la ingesta de grasas vegetales procedentes de frutos secos y aceites vegetales en pacientes con diabetes mellitus tipo 1 (DM1). Métodos: estudio transver...

  9. Calidad en frutos de tomate (solanum lycopersicum l.) cosechados en diferentes estados de madurez

    OpenAIRE

    Casierra-Posada, Fánor; Aguilar Avendaño, Óscar

    2010-01-01

    El tomate es una de las hortalizas de más alto volumen de consumo en fresco; sus pérdidas en la comercialización suelen comenzar en la cosecha y van hasta la poscosecha a través del manejo. El experimento se realizó en Tunja (Colombia) con el objetivo de evaluar cambios en la calidad en frutos de tomate, dependientes de los diferentes estados de madurez en que fueron cosechados. Los frutos se seleccionaron de acuerdo con su porcentaje de coloración verde y roja. Los híbridos de tomate ...

  10. Efecto de la aplicación de riego controlado en la producción y calidad del fruto de Pyrus communis L., cv. Triunfo de Viena

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Milena Díaz Abril

    2016-04-01

    Full Text Available En Colombia, las áreas de siembra en pera (Pyrus communis L. han incrementado en los últimos años, debido a las ventajas nutricionales y medicinales que presenta el consumo de esta fruta.  En el estudio se evaluó el efecto de la reducción de riego durante la etapa de crecimiento rápido del fruto en la producción y calidad del cultivar Triunfo de Viena de pera, con el fin de implementar estrategias para una mayor efi-ciencia de la utilización de agua durante los periodos fenológicos del cultivo.  La investigación se realizó en 2012 y 2013 en árboles de pera de 16 años de edad en el municipio de Sesquilé, Cundinamarca (Colom-bia aplicando tres tratamientos de riego:  (1 control (T1 = aplicación de riego equivalente al 100% de la (evaporación del cultivo (ETc durante todo el ciclo de producción, (T2 = aplicación de riego equivalente a 73% de la ETc durante el periodo de crecimiento rápido del fruto, y (T3 = aplicación de riego equivalente a 53% de la ETc durante el mismo periodo T2.  El diseño experimental fue bloques completos al azar con cuatro repeticiones por tratamiento y los resultados fueron sometidos a análisis de varianza (Anova y prueba de comparación de medias de Duncan (P < 0.05.  La reducción de riego equivalente a 53% de la ETc en época de sequía no afecto la producción ni la calidad del fruto, lo que permitió un ahorro de 47% de agua en esta etapa de crecimiento del fruto cuando se requiere aplicación de riego.

  11. Caracterização e qualidade de frutos de umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin provenientes do Recôncavo Sul da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Barros dos Santos

    2010-12-01

    Full Text Available O Recôncavo Sul da Bahia apresenta uma significativa riqueza de fruteiras nativas com grande potencial alimentício. Além de indicativos etnológicos sobre seus usos como alimento, pouco se conhece sobre elas, principalmente sobre sua composição bromatológica. A exemplos destas fruteiras, encontram-se os frutos do umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin que são amplamente consumidos in natura ou na forma de produtos processados em quase todo o Brasil. Devido à crescente aceitação de seus produtos e à incessante busca por novos sabores, as agroindústrias vêm despertando o interesse tanto para o mercado interno quanto para exportações. Entretanto, apesar do forte interesse comercial, poucos estudos foram efetuados na busca de respostas sobre a sua composição. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de efetuar a caracterização física, físico-química e mineralógica dos frutos de umbu-cajá cultivados nas condições climáticas do Recôncavo Sul da Bahia. Foram realizadas análises de peso do fruto e da casca; tamanho e diâmetro; percentagem de casca, semente e polpa; pH; sólidos solúveis totais; acidez titulável; relação sólido solúveis/acidez (Ratio; índice tecnológico; açúcares (redutores, não redutores e totais; vitamina C; proteína; umidade; lipídios; fibra bruta; amido; e minerais (fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio. Os frutos apresentaram tamanho grande (23,18g com rendimento considerável de polpa (69,70 % e razoáveis valores de açucares (7,49 %, acidez (1,32 %, fibras (1,36 %, vitamina C (8 mg /100g e minerais ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fé-0,59mg /100g; e Ca-12,25mg /100g, demonstrando ser uma alternativa para o mercado de frutas in natura, bem como para a agroindústria na região.

  12. AVALIAÇÕES FÍSICO-QUÍMICAS EM FRUTOS DE DIFERENTES GENÓTIPOS DE ACEROLA (MALPIGHIA PUNICIFOLIA L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MATSUURA FERNANDO CÉSAR AKIRA URBANO

    2001-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar quanto às características químicas e físico-químicas frutos de 12 genótipos de acerola (Malpighia punicifolia L., em processo de seleção pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, visando a identificar aqueles com altos teores de vitamina C e elevada relação Brix/acidez. Os frutos analisados foram colhidos no estágio de maturação "de vez", na safra de setembro a outubro dos anos de 1997 e 1998. Os resultados obtidos para vitamina C variaram de 835 a 1820 mg de ácido ascórbico por 100 g de polpa, para sólidos solúveis totais de 6,0 a 11,6%, para acidez total titulável de 0,69 a 1,65%, para relação Brix/acidez de 4,24 a 11,59 e para pH de 3,08 a 3,57. Dentre os genótipos analisados, o CMF022 e o CMF019 apresentaram os maiores teores de vitamina C e os menores valores para a relação Brix/acidez, enquanto os genótipos CMF015, CMF008 e CMF010 apresentaram a maior relação Brix/acidez, nos dois anos do experimento.

  13. Contenido de aceite en frutos de selecciones de aguacate (Persea americana criollo de clima tropical y subtropical de Nayarit, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl Medina Torres

    2017-07-01

    Full Text Available El trabajo se desarrolló sobre 65 selecciones de aguacate criollo de las zonas tropical y subtropical de Nayarit, con el objetivo de calificar el contenido de aceite y relacionarlo con el porcentaje de materia seca y del color de la pulpa del fruto, y de ubicar e identificar selecciones de interés comercial. Se usó análisis estadístico multivariado de componentes principales para el procesamiento de datos. Dos componentes principales explicaron el 63,93 % de la varianza total. En el componente principal 1 resultaron relevantes porcentaje de aceite y materia seca de la pulpa; y en el componente principal 2 las variables de color de la pulpa en madurez de consumo. Cuatro grupos de selecciones fueron identificadas por los promedios de los vectores característicos de los componentes 1 y 2. Se encontró alta correspondencia entre el contenido de aceite y materia seca en la pulpa (R2 = 0,9387 de los aguacates. El color de la pulpa del fruto no resultó un parámetro que se relacione con el contenido de aceite de la pulpa de aguacate. El contenido de materia seca puede constituir un parámetro fácil y útil para determinar con aproximación el contenido de aceite. En general, los aguacates de clima subtropical mostraron mayor contenido de aceite que los de origen tropical.

  14. Maduración de los Frutos de las Variedades de Mango Tommy Atkins y Kent, Bajo Temperatura y Humedad Relativa Controladas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lagos Roa Edilberto

    1992-12-01

    Full Text Available La presente investigación se llevó a cabo entre finales del año de 1987 y comienzos del año 1988 en el laboratorio de fisiología vegetal de la Facultad de Agronomía de la Universidad Nacional de Colombia, sede de Bogotá. El objetivo principal del trabajo consistió en determinar algunos índices que permitieran conocer los momentos más adecuados de maduración de los frutos de mango en las variedades Tommy Atkins y Kent. Para el efecto, se midió la tasa de respiración durante la maduración del fruto y simultáneamente se determinaron los contenidos de: azúcares totales, almidón, s6lidos solubles, acidez titulable, pH y características organoléptica, Los resultados permitieron concluir que se pueden emplear como índices de maduración: los contenidos mínimos de almidón y acidez titulable, los altos y estables contenidos de azúcares totales, un pH por encima de 4,8 y también las características organolépticas como coloración, aroma y consistencia.

  15. Characterization of rambutan (Nephelium lappaceum fruits from outstanding mexican selections Caracterização de frutos rambutan (Nephelium lappaceum de notáveis seleções mexicanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marian Guadalupe Hernández Arenas

    2010-12-01

    colheita, avaliaram-se a forma (largura/diâmetro, firmeza, peso do fruto, número de frutos por quilograma, peso e porcentagem do pericarpo, semente e arilo, sólidos solúveis totais, açúcares totais, conteúdo de vitamina C, pH, acidez titulável e foi feita uma avaliação sensorial com 31 provadores, qualificando a cor, forma, doçura e acidez de cada amostra. Os frutos das cinco seleções tiveram forma alargada ou oval, com valores de firmeza de 43,7 a 51,0 N, o peso de cada fruto oscilou entre 22,4 a 34,7g, registrando de 28,9 a 45,0 frutos por quilograma, com um peso de pericarpo de 10,5 a 17,5 g, que correspondeu de 45,9 a 49,9% do peso do fruto. O peso da semente foi de 2,2 a 2,5g (7,0 a 10,0%, o peso médio do arilo foi de 8,9 a 13,1g, equivalentes a 37,5 41,4%. Os frutos apresentaram alto conteúdo de sólidos solúveis totais (17,8 a 20,7 ºBrix, açúcares totais (400 a 465,7 mg/100g, vitamina C (37,9 a 69,1 mg/100g de porção comestível, baixo pH (5,0 e elevada acidez titulável (0,7 a 0,8%. Os frutos das amostras RT-01 e RT-05 apresentaram melhores atributos quanto a peso do fruto, sólidos solúveis totais e acidez titulável, características desejáveis para exportação, além de ser de melhor aceitação pelos provadores. A data da colheita influenciou significativamente na qualidade dos frutos, e na metade e ao final da temporada da colheita houve frutos de maior peso, porcentagem de arilo, sólidos solúveis totais, vitamina C, menor pH e acidez titulável.

  16. Desenvolvimento de frutos de Longan (Dimocarpus longan lour na região de Jaboticabal-SP Development of Longan (Dimocarpus longan lour fruits in the region of Jaboticabal-SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natanael de Jesus

    2008-03-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo avaliar o desenvolvimento de frutos de plantas de longan (Dimocarpus longan Lour na região de Jaboticabal, estabelecendo-se, portanto, a curva de crescimento dos frutos. As avaliações realizadas foram semanais, consistindo em medições do diâmetro longitudinal e transversal dos frutos marcados, a partir do momento da formação da polpa. Quinzenalmente, realizaram-se avaliações de características físicas: massa de fruto (g, casca (g, polpa (g semente (g, e químicas: acidez titulável (AT, sólidos solúveis (SS, ácido ascórbico (AA e ratio (SS/AT. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que o ciclo de frutificação da Longan na região é entre 120 e 130 dias após antese, período em que o fruto estaria apto para o consumo. A curva do desenvolvimento dos frutos segue um padrão sigmoidal simples. Com relação aos atributos físicos e químicos, constatou-se que a planta 6 apresentou os melhores resultados, podendo ser recomendada como planta-matriz.This work was carried out to evaluate the development of longan (Dimocarpus longan Lour fruits in the region of Jaboticabal, and establish the fruit growth curve. Weekly evaluations were performed to measure longitudinal and transversal diameter of selected fruits after pulp formation. Every two weeks, physical and chemical parameters were evaluated: fruit, peel, pulp and seed mass (g; titrable acidity (TA, soluble solids (SS, ascorbic acid (AA and the ratio (SS/TA. Results indicate that longan reproductive cycle in the region is 120 to 130 days after anthesis, period after which the fruit is good for consumption, when the fruit development curve follows a simple sigmoidal pattern. Physical and chemical parameters have shown that the longan fruits analyzed here have a high consumption potential.

  17. Diversidade genética intra e interespecífica de pitaya com base nas características físico-químicas de frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2013-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar a diversidade genética intra e interespecífica de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus (Haw Britton & Rose e Selenicereus setaceus Salm-Dyck. A. Bereger ex Werderm., com base nas características físico-químicas dos frutos. Foram avaliadas as características: comprimento, diâmetro, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. Com base na média das características físico-químicas de cada acesso, foram calculados índices de distância genética entre cada par de acessos com base na distância euclidiana média padronizada. A partir da matriz de distâncias genéticas, realizaram-se análises de agrupamento por meio de dendograma e dispersão gráfica baseada em escalas multidimensionais. As variáveis analisadas apresentaram diferentes contribuições relativas para a diversidade genética. O diâmetro do fruto foi a variável que teve maior contribuição no índice de diversidade genética (27,45 %, seguido pela massa total do fruto (25,43 % e pela massa da polpa do fruto (24,67 %. As distâncias genéticas entre os 21 acessos de pitaya variaram entre 2,2 e 540,1. A análise de agrupamento permitiu subdividir os 21 acessos em dois grupos de similaridade genética, Hylocereus e Selenicereus, a uma distância genética relativa de 100. As características físico-químicas dos frutos evidenciaram alta diversidade genética entre os acessos das espécies H. undatus e S. setaceus.

  18. EFECTO DEL 1-METILCICLOPROPENO (1-MCP SOBRE LA FISIOLOGÍA Y CALIDAD DE FRUTOS DE JACA (Artocarpus heterophyllus Lam.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Mata-Montes de Oca

    2007-01-01

    Full Text Available Debido a sus características de color y sabor de pulpa, la demanda de fruta de jaca se ha incrementado considerablemente. La mayoría de la producción de Nayarit es exportada a los Estados Unidos de Norteamérica. Sin embargo, debido a su corta vida de anaquel y susceptibilidad al daño por frío la fruta es exportada vía aérea con altos costos de flete. Se reporta que el 1-Metilciclopropeno (1-MCP retarda el proceso de madurez, alarga la vida de anaquel y mantiene la calidad de varios frutales, así que el objetivo de este estudio fue evaluar el efecto del 1-MCP sobre la fisiología y calidad del fruto de jaca almacenado a 20 ºC. Las frutas fueron cosechadas en madurez fisiológica, lavadas y tratadas con 1-MCP a 100 y 300 nl·litro-1 en cámaras selladas por 12 h a 20 ± 1 ºC; 85 ± 5 % de HR manteniendo un testigo sin tratar. Las variables evaluadas fueron: velocidad de respiración y de producción de etileno, sólidos solubles totales, acidez titulable, firmeza de la pulpa y de la fruta entera, color en la pulpa y pérdida de peso. El 1-MCP no afectó la mayoría de las variables de calidad pero retrasó significativamente la velocidad de respiración y la producción de etileno así como el ablandamiento de la pulpa, lo que permitió prolongar la vida de anaquel hasta por ocho y 12 días a 100 y 300 nl·litro-1, respectivamente.

  19. Qualidade de fruto da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Adriano

    2011-10-01

    Full Text Available A acerola é um fruto de grande potencial econômico e nutricional devido ao seu alto teor de vitamina C, destacando-se como alimento funcional. É comercializada principalmente na forma de polpa congelada e fruto in natura. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade dos frutos da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação. Para tanto, foram colhidas amostras de frutos em um pomar comercial no município de Junqueirópolis-SP. Foram realizadas a determinação da cor externa dos frutos e análises das características químicas de teor de sólidos solúveis, pH, acidez titulável, açúcares redutores, 'ratio' e ácido ascórbico de frutos semi-maduros e maduros. Os resultados obtidos permitiram concluir que os frutos semimaduros apresentaram maior acidez total, menor teor de sólidos solúveis e menor concentração de açúcares; no entanto, estes frutos apresentaram maiores teores de vitamina C, expressa em ácido ascórbico. Portanto, quando se buscam altos índices de vitamina C, os frutos devem ser colhidos num estádio de maturação menos avançado, com coloração alaranjada. O estudo demonstrou também que a cv Olivier produz frutos com características adequadas tanto para o mercado in natura quanto para a indústria, apresentando boa coloração e características químicas dentro dos padrões para esta fruta.

  20. Efeito da carga de frutos e concentrações salinas no crescimento do meloeiro Cultivado em substrato Effect of fruit load and saline concentrations on the growth of melon cultivated under protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana da S Duarte

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar o efeito do número de frutos por planta e de concentrações salinas em solução nutritiva recirculante, no crescimento do meloeiro cultivado em ambiente protegido e em substrato de casca de arroz crua, durante os meses de fevereiro a maio de 2003. Três números de frutos por planta (2, 3 e 4 e três concentrações salinas da solução nutritiva (1,9; 2,3 e 2,9 dS m-1 foram estudados. A partir dos dados da matéria seca (MS e fresca (MF e da área foliar, acumuladas aos 62 dias após o transplante, foi determinada a produção e a distribuição de biomassa entre as diferentes partes da planta. Os frutos compreenderam de 49 a 55% da MS aérea total produzida pela planta, demonstrando que estes são os órgãos drenos de assimilados mais potentes. O aumento do número de frutos reduziu o peso médio dos frutos, sem afetar a produção e a distribuição de MS total, vegetativa e generativa. Entretanto, aumentou levemente a produção de MF dos frutos e da parte aérea como um todo, favorecendo a distribuição de MF para os frutos. Portanto, o acúmulo de água nos frutos ocorreu em uma proporção diferente do acúmulo da MS. A menor concentração salina da solução nutritiva testada pode ser indicada para o cultivo do meloeiro em substrato de casca de arroz crua durante o outono, pois promove um crescimento da planta similar ao observado nas concentrações mais altas.The effect of fruit load and of saline concentrations in nutrient solution recirculating, was evaluated on the growth of melon plants cultivated under protected cultivation and in raw rice husk, during the months February to May of 2003. Three numbers of fruits/plant (2, 3 and 4 and three saline concentrations of the nutrient solution (1,9; 2,3 and 2,9 dS m-1 were studied. From the data of dry and fresh matter (DM and FM, and of the leaf area accumulated at 62 days after setting, the biomass production and distribution among the different plant parts

  1. Produção e qualidade físico-química de frutos de laranjeiras 'Valência' em diferentes intensidades e frequências de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emiliano Santarosa

    2013-09-01

    Full Text Available A poda de frutificação em citricultura pode ser aplicada com o objetivo de controlar o crescimento vegetativo e promover a formação de novos ramos frutíferos. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar diferentes regimes de poda manual em pomares jovens de Laranjeiras 'Valência', cultivadas em manejo convencional. Utilizou-se um pomar com espaçamento de 5,0 x 2,5 m, implantado em 2001 no município de Montenegro-RS, Brasil. Os tratamentos, com início em 2004, foram: A - Testemunha (sem poda; B - Poda anual de 15%; C - Poda bienal de 15%; D - Poda bienal de 30%; e E - Poda trienal de 30% do volume da copa. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, sendo quatro repetições e quatro plantas por parcela. Foram avaliados o número de frutos, massa total e massa média de frutos nas safras de 2006, 2007 e 2008. Foram avaliados aspectos relativos à qualidade dos frutos, como teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/AT. As podas de frutificação não alteraram significativamente a produção total de três safras, nem a qualidade físico-química dos frutos, em pomares de laranjeiras 'Valência' com menos de sete anos de idade, em sistema de manejo convencional.

  2. Caracterização física, físico-química e química de frutos de genótipos de cajazeiras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pinto Wilza da Silveira

    2003-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo caracterizar frutos de genótipos de cajazeira (Spondias mombin L. visando identificar materiais de interesse industrial e para trabalhos de melhoramento. Frutos de 30 genótipos foram caracterizados avaliando-se: pH, sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, vitamina C, relação sólidos solúveis total/acidez total titulável, açúcares totais, rendimento industrial, massa total do fruto, massa da semente, massa da casca, massa da polpa e porcentual de rendimento de polpa. Os resultados (médias de três amostras foram avaliados por estatística descritiva utilizando-se medida de tendência central (média e de variabilidade de dados (desvio-padrão e coeficiente de variação. Foram realizadas análises estatísticas multivariadas, utilizando-se as técnicas de análise de agrupamento e análise de componentes principais. Os frutos que apresentaram melhores características para o processamento foram os provenientes dos genótipos AJ04UB, VS07UB, TF25TN, TF26TN, TF29TN, TF30TN e TF31TN. A análise de agrupamento mostrou a formação de quatro grupos de genótipos, o que demonstra a variabilidade genética existente na espécie.

  3. Conservação pós-colheita de frutos de araçá-vermelho em função do estádio de maturação e temperatura de armazenamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Maria Furtado Drehmer

    2008-06-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou estudar os efeitos do estádio de maturação e temperatura de armazenamento sobre a fisiologia de araçá-vermelho. Frutos colhidos nos estádios de maturação verde (coloração vermelha da epiderme 50% foram armazenados nas temperaturas de 0; 5; 10; 20 e 30ºC (UR de 85-90% para a quantificação das taxas respiratórias e alterações na coloração da epiderme (L='lightness' e hº=ângulo 'hue'. Houve aumento substancial na taxa respiratória com o aumento na temperatura de armazenamento de 0 a 30ºC, com Q10 @ 2,7. Frutos colhidos no estádio de maturação verde apresentaram, em relação a frutos colhidos no estádio maduro, sensível redução na qualidade, caracterizada pelo menor teor de sólidos solúveis e maior acidez, porém melhor retenção de firmeza e de coloração da epiderme (com menor alteração na coloração de verde para vermelho, especialmente quando armazenados a 0ºC, e menor incidência de podridões. Frutos de araçá-vermelho devem ser colhidos no estádio maduro e imediatamente armazenados a temperaturas próximas de 0ºC, visando a prolongar a sua conservação, já que apresentam elevadas taxas respiratórias e rápido amadurecimento à temperatura ambiente (20ºC.

  4. Efecto del déficit hídrico en el crecimiento y desarrollo de frutos de naranja Valencia (Citrus sinensis Osbeck en el piedemonte del Meta, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Lucía Garzón Correa

    2013-04-01

    Full Text Available En Colombia el área sembrada con cítricos es marginal, si se compara con el área potencial de cultivo, debido a factores como déficit de agua, nutrición y eficiencia de la formación de frutos. El objetivo del presente estudio fue evaluar el efecto del déficit hídrico mediante la aplicación controlada de láminas de riego en el cultivo de naranja Valencia (Citrus sinensis Osbeck en el piedemonte del Meta (departamento del Meta, Colombia. Los tratamientos (T de riego fueron: T1 = 100% de la evapotranspiración del cultivo (ETc; T2 = 50% ETc; T3 = testigo = 0% ETc. El riego se aplicó desde el inicio de la floración en febrero hasta la formación del fruto en abril de 2011. El diseño experimental fue bloques completamente al azar con tres repeticiones por tratamiento. Las variables evaluadas fueron: humedad del suelo (q g, estado hídrico de la planta (Ytallo, fenología, brotación, floración, formación, crecimiento y calidad del fruto. Los árboles en el T1 presentaron un mayor número y tamaño de fruto, pero no se encontraron diferencias (P > 0.05 en producción y calidad respecto al testigo; la q g y el Ytallo fueron diferentes (P < 0.05 entre tratamientos y el testigo mostró los menores valores, 13.82% y -2.5 MPa, lo cual indica un estrés moderado.

  5. Influência do pH da solução extrativa no teor de antocianinas em frutos de morango Influence of the extraction solution pH on the content of anthocyanins in strawberry fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso Luiz Bordignon Jr.

    2009-03-01

    Full Text Available Nos últimos anos, os estudos sobre a composição química do fruto do morangueiro vêm ganhando destaque devido ao seu elevado consumo e às atividades biológicas atribuídas a ele. Além disso, os principais metabólitos secundários encontrados nesses frutos são as antocianinas, compostos responsáveis pela intensa coloração vermelha e amplamente utilizados como corantes naturais pela indústria alimentícia. Neste trabalho, foram preparados diferentes extratos de frutos de morango com a cultivar Oso Grande, com o intuito de verificar a influência do pH no perfil espectroscópico do extrato e no teor de antocianos. O extrato em pH 1,0 forneceu um perfil clássico para antocianinas na análise por espectroscopia no ultravioleta, assim como um maior teor de antocianinas nos frutos frescos devido a uma extração mais eficiente das substâncias de interesse.Recently, the study on the chemical composition of the strawberry fruit has been recognized in view of its increased consumption and biological activities. Moreover, the main secondary metabolites found in strawberry fruits are anthocyanins, which are the compounds responsible for the intense red color of the fruit and are widely used as natural colorants by the food industry. In this work, were prepared different extracts with strawberry fruits of the cultivar Oso Grande in order to verify the pH influence on the spectroscopic profile of the strawberry extracts and on the content of anthocyanins. The results indicate that at pH 1,0 the extract showed a classic profile to anthocyanins through ultraviolet spectra analysis and a higher content of anthocyanins in fresh fruits.

  6. Desfolha e posição do fruto em meloeiro cv. Don Luis, cultivado em ambiente protegido Defolation and position of fruit in melon plants cv. Don Luis, cultivated in protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline da Silva Bhering

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do número de folhas e da posição de fixação do fruto na planta sobre a produção de biomassa e a qualidade de frutos de meloeiro tipo Cantaloupe. O experimento foi constituído de quatro tratamentos, delineamento inteiramente casualizado, com 15 repetições. Os tratamentos foram: 1 14 folhas/planta, com fruto fixado na posição intermediária da planta; 2 14 folhas/planta, com fruto fixado no alto da planta; 3 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas imediatamente abaixo do fruto; e 4 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas na base da planta. Avaliaram-se: área foliar; área foliar específica; razão de área foliar; dias para colheita; ciclo cultural; diâmetro, comprimento, massa da matéria fresca, espessura do pericarpo, diâmetro da cavidade e teor de sólidos solúveis de fruto; e massa da matéria seca de folhas, caule, pecíolo e fruto. A condução das plantas com maior número de folhas (tratamentos 1 e 2 proporcionou maior área foliar, massa da matéria seca de folhas, massa das matérias fresca e seca de fruto, espessura do pericarpo e sólidos solúveis de fruto, comparado aos tratamentos 3 e 4. Maior área foliar/fruto proporciona frutos com maiores massa, espessura de pericarpo e teor de sólidos solúveis. A fixação do fruto na porção intermediária, comparada à fixação no topo da planta, tem como vantagem o menor ciclo cultural. O meloeiro ajusta a produção de massa dos órgãos à área foliar disponível na planta.The study aimed to evaluate the effect of leaf number and fruit setting position in the plant on the production of biomass and fruit quality of melon Cantaloupe. The experiment consisted of four treatments, in a completely randomized design with 15 replications. The treatments were: 1 14 leaves per plant, with the fruit set in the

  7. Comportamento de progênies oriundas de raças primitivas de algodão herbáceo frente ao ataque do bicudo Behavior of lines from cotton primitive race stocks to attack of the boll weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco José Correia Farias

    1999-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de obter linhagens resistentes ao bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis Boheman, a Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Algodão vem testando progênies oriundas de raças primitivas de algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L. originárias do México e da América Central, que apresentam níveis aceitáveis de resistência ao bicudo. Em 1991 e 1992, as progênies em BC1F5 e BC1F6 oriundas das linhagens Texas 277, Texas 326 e Texas 1180, Texas 297, Texas 339, Texas 766 e Texas 1134, foram avaliadas com relação à resistência ao bicudo. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com seis repetições. A unidade experimental foi constituída por duas fileiras de 5 m, sob um espaçamento de 0,75 m x 0,20 m. As parcelas foram infestadas com adultos do bicudo recém-emergidos, a uma taxa de 10.000 adultos/ha. Aos seis dias após a liberação dos adultos, as parcelas foram pulverizadas com Cipermethrim, sendo realizadas em intervalos semanais. Foram procedidas cinco avaliações através da coleta de 33 botões florais ao acaso, por parcela. Os maiores níveis de resistência ao bicudo foram obtidos pelas progênies Texas 326-95-1, Texas 277-87-5, Texas 1180-99-2, Texas 297 e Texas 339, com redução de ataque de 44,0, 41,2, 32,0, 40,4 e 36,4%, respectivamente, em relação à testemunha CNPA 6H.The goal of the boll weevil (Anthonomus grandis Boheman resistance program of Embrapa-Centro Nacional de Pesquisa de Algodão is to obtain cultivars that give 80% suppression when compared to commercial cultivars. The primitive cottons (Gossypium hirsutum L. from Mexico and Central America have been known to show measurable levels of resistance to the boll weevil. In 1991 and 1992, the lines in BC1F5 and BC1F6 from Texas 277, Texas 326, Texas 1180, Texas 297, Texas 339, Texas 766 and Texas 1134 were evaluated to boll weevil resistance. The experiment was carried out at Campina Grande, PB, Brazil. The trial

  8. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO FRUTO E DO ÓLEO EXTRAÍDO DE TUCUMÃ (ASTROCARYUM VULGARE MART

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDERLAN DE SOUZA FERREIRA

    2009-06-01

    Full Text Available

    Este estudo teve como objetivo determinar as características físico-químicas do fruto e do óleo extraído de tucumã (Astrocaryum vulgare. Frutos de tucumã foram submetidos à análise dos aspectos físicos. Na polpa in natura e na torta foram realizadas determinações de composição química. O óleo bruto do fruto foi submetido às determinações físico-químicas e de quantificação dos principais ácidos graxos. O fruto de tucumã demonstrou rendimento de 25% de polpa, caracterizado por elevados teores lipídico, calórico e de concentração de β-caroteno. A torta mostrou ser uma considerável fonte de fibras e carboidratos. O óleo bruto de tucumã reportou propriedades químicas próximas às características do óleo de palma. Por outro lado, a quantificação dos principais ácidos graxos mostrou que sua composição apresenta 29% de ácidos saturados e apenas 1% de poliinsaturados. Os ácidos monoinsaturados representam 68%, tendo como principal representante o ácido oléico que constituiu 67% da composição química. Os resultados indicaram que o fruto de tucumã apresenta importantes propriedades nutricionais, como fonte de caloria, pró-vitamina A, fibras e lipídios, especialmente, do ácido graxo oléico.

  9. Efeito da aplicação do cloreto de cálcio nos frutos da manga 'Tommy Atkins' tratados hidrotermicamente Effect of calcium chloride application on mango fruit cv. Tommy Atkins hydrothermally treated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murillo Freire Júnior

    1999-05-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar os efeitos da aplicação de cloreto de cálcio, associado ao tratamento hidrotérmico em frutos de manga (Mangifera indica L.. Verificou-se que a associação do tratamento hidrotérmico à aplicação de cloreto de cálcio é viável, e que existe uma correlação positiva entre o Ca aplicado e a quantidade deste elemento na casca, porém com pouca penetração para a polpa do fruto, o que demonstra que o Ca age positivamente na diminuição dos sintomas da antracnose. Pelo contraste apresentado na aparência externa dos frutos, a aplicação de cloreto de cálcio a 4% mostrou melhores resultados, porém sem garantir a qualidade final exigida para a exportação dos frutos. A aplicação de cloreto de cálcio não se mostrou efetiva no aumento do período de conservação dos frutos.The aim of this work was to study the effects of the application of calcium chloride associated with hydrothermal treatment on post-harvest preservation of mango fruit (Mangifera indica L.. The Ca absorption by mango peel and flesh was investigated using the same conditions usually employed for the fruit exportation to the american market. It was verified that the association of heat treatment to Ca application was viable. There was a positive correlation between the amount of Ca applied and the amount of this element presented in the peel, although low penetration toward the flesh was observed. It was demonstrated that Ca reduces anthracnose symptoms. It was also verified, by observing the external appearance of the fruits, that the best results were obtained when 4% of calcium chloride was used, although such concentration did not guarantee the required quality for the fruit exportation. The calcium chloride application was not effective to increase the shelf-life of the fruits.

  10. Geleia de buriti (Mauritia flexuosa: agregação de valor aos frutos do cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lismaíra Gonçalves Caixeta Garcia

    2017-07-01

    Full Text Available Resumo O buriti é uma palmeira brasileira que se destaca pela sua beleza e pelos seus múltiplos usos na alimentação humana, apresentando elevado valor nutricional. Visando ao seu maior aproveitamento, foi realizada a elaboração de geleia de buriti. O produto foi caracterizado em seu aspecto físico-químico, por meio de análises de: composição proximal, fibras, valor energético, sólidos solúveis totais, pH, acidez total titulável, potencial antioxidante e vitaminas lipossolúveis. A geleia apresentou potencial antioxidante, além de consideráveis teores de vitaminas A e D, podendo também ser considerada fonte de fibras. Logo, o processamento de buriti, na forma de geleia, é mais uma alternativa para o seu aproveitamento e para a agregação de valor ao fruto do cerrado, além de este possuir valor nutricional.

  11. Análisis de la infección de Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Penz. & Sacc. de frutos de aguacatero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Édgar Saúl Rodríguez-López

    2013-09-01

    Full Text Available La patogénesis de Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Penz. & Sacc. del estado de Michoacán, México se caracterizó en frutos de aguacatero (Persea americana L. cultivar 'Hass'. El hongo causó los síntomas característicos de la enfermedad denominada 'antracnosis' a partir de los diez días después de la inoculación. La tasa de infección del hongo entre tratamientos fue significativamente diferente (p<0.05 a partir del sexto día de la inoculación y el desarrollo de la enfermedad se explicó por un modelo de regresión lineal simple (Y = 1.123 + 0.1133X. No se detectó la formación de apresorios pero sí la síntesis de una capa mucilaginosa asociada con los tubos germinativos. El proceso infectivo del hongo se manifestó con la penetración de las hifas intra e inter-celularmente y con la producción de acérvulos a partir de los 12 días después de la inoculación. Los síntomas de la antracnosis se asociaron con la degradación de polifenoles, plasmólisis, necrosis y desintegración celular.

  12. CARACTERIZAÇÃO QUÍMICA DAS ANTOCIANINAS DO FRUTO DE JUÇARA (Euterpe edulis MARTIUS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natalia Caroliny da Silva Dias

    2017-04-01

    Full Text Available A antocianina é um pigmento presente no reino vegetal com inúmeras funções indo desde coloração até bioatividade em diversos sistemas. Atualmente, as indústrias de alimentos têm investido em pesquisas e procurado substituir seus aditivos sintéticos por compostos naturais, os quais têm se tornado uma ferramenta atrativa no mercado como corante a alimentos e prevenção do processo oxidativo. Este trabalho teve como objetivo caracterizar as antocianinas presentes no extrato de Juçara das amostras coletadas na região Sul e Caparaó do estado do Espírito Santo. Os resultados encontrados na análise de pH diferencial do extrato foi 20,94 ± 1,57 µg/g de Antocianina Monomérica do extrato. O município de Alegre apresentou o maior teor de açúcar total e redutor, respectivamente 6,87 ± 1,17 e 6,12 ± 2,37. As antocianinas existentes no juçara possui capacidade de inserção no mercado, uma vez que os dados comprovam a sua presença expressiva no fruto.

  13. CARACTERIZAÇÃO DE FRUTOS E PROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTOS HÍBRIDOS DE CITROS EM AMBIENTE PROTEGIDO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA JÚLIA DA SILVA RODRIGUES

    2015-06-01

    Full Text Available A diversificação de uso de porta-enxertos de citros é importante no Brasil devido à presença de diversos estresses abióticos e bióticos, além da busca por atributos horticulturais desejáveis como nanismo, alta eficiência de produção e indução de boa qualidade aos frutos. Para a seleção de um genótipo com potencial de uso como porta-enxerto, porém, o desempenho na fase de propagação também é relevante. Assim, caracterizaram-se os frutos e avaliou-se a propagação em ambiente protegido de porta-enxertos híbridos de citros obtidos ou selecionados pelo Programa de Melhoramento Genético de Citros da Embrapa: citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’, híbridos HTR-051, TSKC x (LCR x TR-040 e 059, LVK x LCR-010 e 038, TSKC x CTTR-002, TSKC x CTSW-041 e LCR x TR-001, além das variedades comerciais citrumelo ‘Swingle 4475’, trifoliata ‘Flying Dragon’, limoeiro ‘Cravo Santa Cruz’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’. Foram avaliados variáveis biométricas, fisiológicas e coeficientes técnicos. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 50 plantas na parcela ou 20 frutos por genótipo, conforme a avaliação. Citrumelo ‘Swingle’ e LVK x LCR-010 apresentaram alta produção de sementes por fruto, enquanto HTR-051 e LCR x TR-001 produziram as menores quantidades. A poliembrionia foi superior para TSKC x CTTR-002, TSKC x (LCR x TR–040, LCR x TR-001, citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’, tendo trifoliata ‘Flying Dragon’ e LVK x LCR-010 apenas 45% de poliembrionia média. A emergência de citrandarin ‘Riverside’ foi mais rápida e uniforme em relação aos demais genótipos. O crescimento vegetativo da parte aérea e do sistema radicular foi superior para citrandarin ‘Riverside’, TSKC x (LCR x TR-059, tangerineira ‘Sunki Tropical’, citrumelo ‘Swingle’ e limoeiro ‘Cravo’ e seus h

  14. Qualidade do fruto verde de coqueiro em função da irrigação com água salina

    OpenAIRE

    Ferreira Neto,Miguel; Gheyi,Hans R.; Holanda,José S. de; Medeiros,José F. de; Fernandes,Pedro D.

    2002-01-01

    Foram estudados, neste trabalho, os efeitos de quatro níveis de salinidade da água de irrigação (0,1, 5,0, 10,0 e 15,0 dS m-1) obtidos mediante adição de NaCl, na qualidade de frutos de coco (Cocos nucifera L.) cultivar Anão Verde do Jiqui, com 3,5 anos de idade e na salinização do solo. O ensaio foi conduzido em blocos inteiramente ao acaso, em solo de textura arenosa não salino, utilizando-se de sistema de irrigação por microaspersão, no município de Parnamirim, RN, durante o período de jan...

  15. Evaluación de la actividad antioxidante de la pulpa, cáscara y semilla del fruto del camu camu (Myrciaria dubia H.B.K.)

    OpenAIRE

    Sotero Solis, Víctor; Silva Doza, Luz; García de Sotero, Dora; Imán Correa, Sixto

    2009-01-01

    El camu camu es una especie nativa de la Amazonía y el interés por su fruto radica en su alta concentración de ácido ascórbico. En el presente estudio se realizó la determinación de la actividad antioxidante de la pulpa, cáscara y semilla del camu camu colectado en el banco de Germoplasma del INIA-Loreto. Se realizó la evaluación de la actividad antioxidante, mediante el secuestro de radicales libres del DPPH. Se determinó la concentración de compuestos fenólicos y ácido ascórbico, mediante e...

  16. ANATOMICAL ASPECTS OF DEVELOPMENT OF PINEAPPLE GUAVA FRUIT [ACCA SELLOWIANA (O.BERG BURRET] ASPECTOS ANATÓMICOS DEL DESARROLLO DEL FRUTO DE FEIJOA [ACCA SELLOWIANA (O.BERG BURRET

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariela Rodríguez

    2010-06-01

    de inclusión que tiene las etapas de deshidratación, infiltración e inclusión, finalmente, se realizó el corte y montaje con safranina fast-green. Las observaciones mostraron que las células del exocarpio y el endocarpio presentaron multiplicación celular hasta avanzadas etapas del desarrollo. El mesocarpio tuvo un incremento importante en el volumen, debido principalmente a la multiplicación celular en la primera y segunda etapa del desarrollo y, a la expansión celular en la última etapa del desarrollo. Se concluyó que el fruto de feijoa es estable anatómicamente porque los tejidos observados en el capullo floral mantienen su identidad hasta cuando el fruto alcanza la madurez fisiológica. Desde el punto de vista anatómico, el tamaño final del fruto depende de las continuas divisiones celulares que sufren estos tejidos y a la expansión celular en la etapa de llenado del fruto. Con las observaciones microscópicas se concluyó que el exocarpio del fruto está conformado por la epidermis externa y la hipodermis; el mesocarpio está constituido por numerosas capas de parénquima; el endocarpio está constituido por la epidermis interna y tres o cuatro capas de células subepidérmicas en ambos clones.

  17. Caracterização de antocianinas em frutos de genótipos de aceroleiras (Malpighia emarginata D.C.) cultivadas no Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco

    OpenAIRE

    LIMA, Vera Lúcia Arroxelas Galvão de

    2005-01-01

    Considerando que a cor vermelha da acerola decorre da presença de antocianinas, objetivou-se caracterizá-las em frutos maduros provenientes de 12 genótipos. O teor de antocianinas e características cromáticas foram determinados pelo método pH diferencial e sistema CIELAB (L*a*b*), respectivamente, e os resultados submetidos à correlação de Pearson. Pigmentos hidrolisados, separados por cromatografia líquida de alta eficiência, foram identificados tendo como base os padrões de r...

  18. Efeito da adubação orgânica na produção e qualidade de frutos de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis, Sims f. flavicarpa Degener)

    OpenAIRE

    Pagliarini, Mateus Francisco

    2005-01-01

    A pesquisa teve o objetivo de avaliar os efeitos da adubação orgânica sobre a produção, qualidade, conservação pós-colheita e aceitabilidade de frutos do maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis, Sims f. flavicarpa Degener). O experimento foi estabelecido em março de 2004, num latossolo vermelho amarelo da Fazenda Experimental da Sementeira UFV, situada em Visconde do Rio Branco, MG. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso com 4 repetições. Os tratamentos foram formados por tr...

  19. Efeito inibitório de extratos vegetais sobre Colletotrichum gloeosporioides - agente causal da podridão de frutos de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribeiro Luiz Fernando

    1999-01-01

    Full Text Available Extratos aquosos foram obtidos a partir de bulbilhos de alho, folhas de hortelã e mamona e frutos de pimenta. Após a incorporação destes extratos em BDA, obtendo-se concentrações de 100, 200, 500, 1000, 5000 e 10000 ppm, foi avaliado o crescimento e a produção de conídios de um isolado de Colletotrichum gloeosporioides, agente de podridão em frutos de mamoeiro. Os resultados demonstraram o efeito inibitório dos diferentes extratos a partir da concentração de 200 ppm. O extrato de alho inibiu o crescimento micelial, em porcentagens variáveis de 5,3 a 67,6%, porém não atuou de modo expressivo sobre a produção de conídios. Em contraposição, os extratos de hortelã, mamona e pimenta promoveram inibição menos acentuada do crescimento de micélio, porém reduziram drasticamente a produção de conídios em níveis variáveis de 41 a 84%, de acordo com as concentrações crescentes dos mesmos. As propriedades fungitóxicas detectadas nos extratos utilizados no ensaio evidenciaram o uso potencial dos mesmos como alternativa aos métodos físicos e químicos convencionalmente usados para o controle da doença.

  20. ADUBAÇÃO NITROGENADA E POTÁSSICA EM GOIABEIRAS ‘PALUMA’: I. EFEITO NA PRODUTIVIDADE E NA QUALIDADE Dos FRUTOS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DANIEL ANGELUCCI DE AMORIM

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO A nutrição dos pomares é fator preponderante à produtividade, sendo necessário conhecer as doses adequadas de fertilizantes e sua influência nos atributos qualitativos dos frutos para industrialização. O trabalho objetivou avaliar os efeitos de diferentes doses de nitrogênio e potássio sobre a produtividade de goiabeiras e sobre os valores de pH, conteúdo de sólidos solúveis (SS e de acidez titulável (AT , além da relação polpa/miolo das goiabas. O experimento foi conduzido em Vista Alegre do Alto-SP, em pomar de goiabeiras ‘Paluma’, com sete anos deidade, irrigado, manejado com podas, durante três ciclos consecutivos de produção. O solo do pomar é o Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial, com quatro doses de nitrogênio (0; 0,5; 1 e 2 kg planta-1 de N e quatro de potássio (0; 0,55; 1,1 e 2,2 kg planta-1 de K2O, com três repetições. A adubação nitrogenada aumentou a produtividade e o pH dos frutos, sendo explicados por modelos quadráticos de regressão polinomial; diminuiu linearmente a relação polpa/miolo e não influenciou os teores de SS e de AT. Por outro lado, a adubação potássica e a interação N x K não apresentaram efeitos significativos sobre a produtividade, bem como sobre as demais características avaliadas.

  1. Cociente fototermal en melón y su relación con la concentración de azúcares en los frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Bouzo

    2015-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo fue evaluar el efecto de la radiación y la temperatura a través de un cociente fototermal sobre la acumulación de azúcar en melón. Se realizaron experimentos al aire libre en tres años consecutivos, utilizándose el híbrido ´HD Nº1´, una variedad de tipo ´Honey Dew´. Los experimentos se realizaron en cuatro localidades de la región central de Argentina: Concordia, Esperanza, Media Agua y Colonia Fiscal. Al momento de la cosecha fueron medidos los grados Brix (SST de los frutos. Se calculó el cociente fototermal (CF a través de la relación entre la radiación incidente media (MJ m-2 d-1 y la temperatura media diaria (ºC a la que se sustrajo la temperatura base del cultivo. La relación obtenida entre la concentración de SST (% y el CF (MJ m-2 d-1 ºC-1 fue lineal positiva. La pendiente de la recta permitió deducir que por cada unidad de incremento del CF representó un incremento de poco más de 4,0 % de SST. Por otra parte, este modelo lineal explica el 63 % de la variabilidad en la concentración de SST debida al efecto del CF. Finalmente, para lograr un incremento de los SST se discute la importancia de los resultados obtenidos para orientar la implantación del cultivo de manera que el desarrollo de los frutos coincida con el período de mayor valor de CF.

  2. Seleção para aumento de produtividade e qualidade de frutos em abobrinha 'Piramoita' comparando dois métodos de melhoramento Selection for fruit yield and quality in 'Piramoita' summer squash comparing two breeding methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ismael Inácio Cardoso

    2007-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo comparar dois métodos de melhoramento quanto à seleção visando ao aumento de produtividade e qualidade de frutos na cv. Piramoita. Foram realizados três ciclos de seleção recorrente, com seleção de progênies autofecundadas (S1 e recombinação das melhores progênies para obtenção das populações melhoradas no primeiro (SR-1, segundo (SR-2 e terceiro (SR-3 ciclos. No método do "Single Seed Descent" (SSD as plantas foram autofecundadas por cinco gerações até a obtenção e avaliação de progênies S5. As nove melhores progênies foram selecionadas obtendo-se progênies endogâmicas selecionadas (SSD-1 a SSD-9 e essas progênies também foram intercruzadas para se obter a população P-SSD. Todas as populações obtidas (SR-1, SR-2, SR-3, P-SSD, SSD-1 a SSD-9, juntamente com a população original (cv. Piramoita, totalizando 14 tratamentos, foram avaliadas em um experimento em blocos ao acaso, com seis repetições e cinco plantas por parcela. As características avaliadas foram: produção de frutos (número e massa total e comercial, massa média de fruto comercial e taxa de frutos comerciais. Foram obtidos aumentos crescentes de produção de frutos comerciais com os ciclos de seleção recorrente, sendo a população SR-3 superior à 'Piramoita' para número de frutos por planta. Foi obtida uma progênie por SSD melhor que a população inicial e tão produtiva quanto à população SR-3. Deste modo, o método SSD pode vir a ser ótima alternativa no melhoramento genético de abobrinha, sem a necessidade de avaliação e seleção de progênies a cada safra, apenas quando essas já estiverem praticamente homozigotas.The objective of this work was to compare two breeding methods to improve fruit yield and quality in 'Piramoita' summer squash. Three cycles of recurrent selection were made, with evaluation and selection of S1 progenies and recombination of plants from selected progenies to obtain

  3. Produção e predação de frutos em Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke (Lauraceae em sistema de plantio sob floresta de terra firme na Amazônia Central Harvesting and fruit predation of a Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke (Lauraceae ex situ tree population in a central Amazonian upland forest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Roberto Spironello

    2004-12-01

    Full Text Available O pau-rosa (Aniba rosaeodora vem sendo usado desde o século passado para extração de linalol, produto usado como fixador de perfumes. Por causa do extrativismo houve redução drástica em suas populações naturais. Somando a este fato, esta espécie possui padrão irregular de frutificação e, quando frutifica, os seus frutos são consumidos por animais. Estes aspectos foram estudados utilizando uma população de plantio sob sombra parcial de floresta primária. A produtividade das árvores variou de 40 a 1.600 frutos (n = 21 árvores. No geral, cerca de 42,5% foram removidos por frugívoros (6.770 frutos, n = 10 árvores. Dos frutos não removidos, 0,5% foram predados por vertebrados, 81,5% continham larvas de insetos, variando de 36-96% entre indivíduos. Uma espécie de Coleoptera ataca os frutos em estádio imaturo, enquanto outra (Heilipus sp. e uma espécie de Lepidoptera atacam os frutos em estádio final de desenvolvimento. Os resultados projetam perda de 59,5% dos frutos (54,5% por insetos passíveis de coleta. Considerando a importância econômica do pau-rosa faz-se necessário aumentar a disponibilidade de sementes para planos de manejo da espécie. Para se atingir tais objetivos são necessárias algumas medidas: 1 coleta prematura de frutos para maturação em laboratório; 2 utilização de métodos de controle de insetos adultos (em plantios e larvas (em frutos atacados; e 3 estudos de seleção genética para identificar plantas com maior resistência natural a pragas e doenças.The rosewood tree (Aniba rosaeodora has been exploited for linalol, a product used as a fixative by the perfume industry. As a result, its population has decreased to the point that it is at risk of extinction in some Amazonian areas. In addition, the species has an irregular phenological pattern and its fruits are a food source for animals. This study focused on the use an ex situ population planted under partial forest shade. The fruit set

  4. Repetibilidade e correlações fenotípicas de caracteres do fruto de bacuri no Estado do Maranhão = Repeatability and phenotypic correlations of characters of the bacuri fruit in the State of Maranhão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Gonçalves Silva

    2009-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros de repetibilidade e correlações fenotípicas em caracteres do fruto do bacuri (Platonia insignis Mart.. Foram avaliadas seis matrizes (genótiposlocalizadas em seis municípios do Estado do Maranhão. Oito frutos foram colhidospor matriz, sendo mensurados diâmetro, comprimento, cavidade interna, peso e número de sementes por fruto, espessura da casca, peso de casca mais semente, rendimento de polpa,número de segmentos partenocárpico, Brix e acidez total titulável. Os dados foram submetidos à análise de variância. Os genótipos apresentaram variabilidade genética significativa para todos os caracteres, em nível de 1% de probabilidade pelo teste F. Apenas para cavidade interna do fruto,acidez total titulável e Brix, a variância genética foi superior à variância ambiental, resultando em repetibilidade superior a 0,5, sendo que acidez total titulável e Brix apresentaram coeficientes de repetibilidade acima de 0,94. Com exceção da espessura da casca, peso de casca mais sementes e número de sementes por fruto, os coeficientes de determinação superaram 80%. Para a maioria dos caracteres, até 27 frutos por genótipo são necessários para obter 95% de determinação. O peso do fruto apresentou associações positivas com diâmetro do fruto, comprimento do fruto, peso de casca mais semente e cavidade interna do fruto.The objective this work was to estimate parameters of repeatability and phenotypic correlations in characters of the bacuri fruit(Platonia insignis Mart.. We evaluated six matrices (genotypes located in six municipalities in the state of Maranhão. Eight fruits were harvested by matrix, measuring the diameter,length, internal cavity, weight and number of seeds per fruit, thickness of the shell, weight of shell plus seed, pulp yield, number of parthenocarpic segments, Brix and total titratable acidity. The data was submitted to an analysis of variance. The genotypes

  5. Natural products to agro-ecological pest management and their natural enemies of cotton plant intercropped with maize, cowpea and sesame = Produtos naturais no manejo agroecológico de pragas e seus inimigos naturais do algodoeiro consorciado com milho, feijão-caupi e gergelim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gildo Pereira de Araujo

    2015-06-01

    . Objetivou-se com este trabalho avaliar os inseticidas naturais: extrato aquoso da pimenta malagueta, caulim, Azamax®, Rotenat® e Pironat® no manejo agroecológico das principais pragas e seus inimigos naturais do algodoeiro consorciado com as culturas do milho, feijão-caupi e gergelim. Os estudos foram desenvolvidos no campo experimental da Embrapa Algodão em Barbalha, Ceará, onde instalou-se o experimento para avaliação dos produtos naturais, com o delineamento experimental em blocos ao acaso e com quatro repetições, representado por seis tratamentos: T1-Testemunha (sem aplicação, T2-Pimenta malagueta, T3-Caulim, T4-Azamax®, T5-Rotenat® e T6-Pironat®. Os produtos foram aplicados a cada sete dias, seguidos de avaliações também semanais, considerando-se o efeito dos tratamentos sobre a ocorrência dos insetos pragas do algodoeiro e seus inimigos naturais. O Caulim é o produto natural mais eficiente no controle do bicudo do algodoeiro, Anthonomus grandis . A pimenta malagueta não é eficiente no controle das principais pragas do algodoeiro. Os produtos naturais aplicados a cada 7 dias em pulverizações nas folhas do algodoeiro não interferem na presença de inimigos naturais.

  6. Evolución de compuestos funcionales durante la maduración de frutos de Opuntia Stricta

    OpenAIRE

    García Gutiérrez, Verónica Raquel

    2008-01-01

    El proyecto fin de carrera ofrece las siguientes conclusiones: -El fruto de Opuntia stricta se engruesa durante la maduración, aumentando su peso, pero mantiene constante la longitud. En estado maduro las dimensiones medias de este fruto son: 4,7 x 2,9 cm aproximadamente y pesa en torno a los 20g. - Los pigmentos empiezan a producirse cuatro meses después de la floración, en la zona ovárica del fruto, alrededor de las semillas. - Desde la zona ovárica, los colorantes van pigmentando ...

  7. A Consciência Como Fruto da Evolução e do Funcionamento do Sistema Nervoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Campos Alexandre de

    1997-01-01

    Full Text Available Percepções, individualidade, linguagem, idéias, significado, cultura, escolha, moral e ética, todos existem em decorrência da evolução e do funcionamento do sistema nervoso. Teme-se, por vezes, que a concepção da consciência como resultado de um processo biológico corresponda a uma "profanação do espírito humano", com consequente abandono do comportamento moral e ético. Na verdade, ao se investigar a consciência como fenômeno natural e não místico, ampliam-se nossas possibilidades de entendê-la, com ganhos científicos, teóricos e sociais, além dos éticos e morais. Discute-se como a evolução por seleção natural e a organização biológica do sistema nervoso permitem explicar as bases da individualidade, da intencionalidade, de representações simbólicas e do significado. Fenômenos observados em pacientes com danos neurológicos reforçam a concepção de funcionamento modular do sistema nervoso; a consciência não seria uma propriedade exclusiva de um módulo único do sistema nervoso, mas fruto do funcionamento sincrônico de diferentes módulos.

  8. DESBASTE DE MUDAS TIPO FILHOTE DO ABACAXI CV. PÉROLA: 1. PRODUÇÃO E QUALIDADE DO FRUTO SLIPS THINNING FROM THE PINEAPPLE CV. PÉROLA: 1. PRODUCTION AND FRUIT QUALITY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VALMIR PEREIRA DE LIMA

    2001-12-01

    Full Text Available O abacaxizeiro Pérola tem como uma das suas principais características a geração de elevado número de mudas tipo filhote, formando um cacho na parte superior do pedúnculo. Os filhotes desenvolvem-se no mesmo período da formação do fruto. Em plantio comercial na região do litoral Norte da Bahia, foi desenvolvido este estudo com o objetivo de avaliar o efeito do desbaste de mudas tipo filhote sobre aspectos vegetativos e produtivos do abacaxi cv. Pérola, cultivado sob condições de sequeiro. Nesta primeira parte, serão apresentados os efeitos sobre a produção e a qualidade do fruto. Em delineamento em blocos completos ao acaso, com sete repetições, foram estudados seis tratamentos, sendo a testemunha, sem desbaste, e os seguintes cinco níveis de desbaste de mudas tipo filhote: 1 - todas as mudas desbastadas; 2 -mantidas duas mudas do lado do sol poente; 3 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de cima para baixo; 4 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de baixo para cima; 5 - mantidas seis mudas. Por meio da análise de variância e teste de comparação entre as médias, foram avaliados aspectos da qualidade química e física dos frutos, tais como sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, relação SST/ATT, peso do fruto com coroa, comprimento do fruto, peso e comprimento da coroa, produtividade, número e o peso médio dos frutos. O desbaste não determinou diferenças estatísticas para a produtividade da cultura e o peso do fruto, observando-se, no entanto, tendência consistente para a elevação dos valores deste último. O desbaste de mudas não afetou a qualidade do fruto, que apresentou características químicas, físicas e físico-químicas dentro dos padrões da cultivar Pérola.One of the main characteristics of the pineapple cv. Pérola is the generation of numerous plantlets called slips located at the upper part of the peduncle. The slips develop at the same period of fruit formation. In a

  9. Repetibilidade da produção, número e peso de frutos de seleções de pitanga roxa Repeatability of the production, number and weight of fruits of selections purple surinam cherry

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos avaliar a produção, número de frutos e peso do fruto de seleções de pitanga roxa (Eugenia uniflora L. estimar por diferentes métodos seus coefificientes de repetibilidade e o número mínimo de avaliações necessárias para selecioná-las com maior confiabilidade, sob as condições edafoclimáticas da Zona da Mata Norte de Pernambuco. O método de componentes principais mostra-se eficiente para estimar coeficientes de repetibilidade da produção, número de frutos e peso da pitanga. A cultivar Tropicana (fruto vermelho apresenta a maior produção média anual, quando comparada com as pitangas de coloração roxa. Entre as cinco seleções de pitanga roxa, a IPA-15.1 apresenta a maior produção média anual. Para peso do fruto, o melhor resultado foi obtido pela seleção IPA-41.1. Os coeficientes estimados para produção número de frutos e peso da pitanga indicam que a variância ambiental pouco influencia essas características fenotípicas de uma safra para outra. Para produção, número de frutos e peso do fruto são necessárias 2, 2 e 5 safras, respectivamente, para selecionar genótipos superiores de pitanga com 90% de confiabilidade dos resultados.This study aimed to evaluate the production, number of fruits and weight of the fruit of selections of pitanga purple, different methods for estimating their coefficients of repeatability and the minimum number of evaluations required to select them with greater reliability, under edaphoclimatic conditions of the Forest Zone of North Pernambuco State, Brazil. The method of principal components was more efficient to estimate the repeatability coefficients of production, number of fruits and weight of surinam cherry fruit. The ‘Tropicana’ cultivar (red fruit presents the highest average annual production when compared with the surinam cherry staining purple. Among the five purple surinam cherry of selections, the IPA-15.1 presents the highest

  10. Sistemas de tutoramento e condução do tomateiro visando produção de frutos para consumo in natura Tomato plant staking and training systems for fresh fruit production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno G. Marim

    2005-12-01

    Full Text Available Os sistemas de tutoramento e condução influem no desenvolvimento da planta do tomateiro e na qualidade do fruto produzido. Para avaliar a influência de três sistemas de tutoramento e dois de condução da planta do tomateiro na produção classificada de frutos comercializáveis, foram conduzidos dois experimentos, de agosto a dezembro/1999 (exp. 1 e de 2000 (exp. 2 em Viçosa (MG. O delineamento foi em blocos ao acaso com três repetições, no esquema fatorial 3x2, tutoramento e condução, respectivamente. Avaliaram-se os seguintes métodos de tutoramento: T1, tradicional (V invertido, T2, triangular e T3, vertical e duas formas de condução, com uma e duas hastes por planta. Independentemente do tratamento, as plantas foram podadas acima do sexto cacho. Observaram-se diferenças entre os sistemas de tutoramento, condução e entre os anos de cultivo em relação às características avaliadas, sendo que ocorreu interação entre estes efeitos apenas para as características produção de frutos comercializáveis e produção total. O tutoramento vertical proporcionou aumento na produção de frutos de tamanho grande e diminuição na produção de frutos de tamanho médio e frutos não comercializáveis, quando comparado com os outros métodos de tutoramento. Independentemente do sistema de tutoramento, o tomateiro cultivado com uma haste produziu mais frutos de tamanho grande, de maior valor comercial, enquanto as plantas conduzidas com duas hastes produziram mais frutos de tamanho médio e pequeno.The main reason for staking and training tomato plants is to keep plants and fruits off the ground to reduce losses and to improve the quality of the production. To evaluate the influence of three plant staking and two training systems of the tomato production for fresh market, two experiments were conducted during the period of August 1999 (exp.1 and 2000 (exp.2 in Viçosa, Brazil. The experimental design was a randomized complete block

  11. Sensory analysis and chemical characterization of strawberry fruits Análise sensorial e caracterização química de frutos de morango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Tadeu V de Resende

    2008-09-01

    Full Text Available The aim of this work was to carry out the chemical characterization and sensory analysis of strawberry fruits from cultivars Camp-dover, Dover, Camp-oso, Oso Grande, and Tudla-Milsei, grown in the southern region of Minas Gerais State. Soluble solids, titratable acidity, and the ratio between both characteristics were evaluated, in three replications. Sensory analysis was carried out by a panel of 34 non-trained assessors, recruited out of UNICENTRO students, professors, and employees. Assessors evaluated the samples for aroma and flavor using sorting-preference tests, with scores from 1 (less preferred to 5 (most preferred. Appearance was assessed by means of a hedonic scale, from 1 (dislike very much to 9 (like very much. Each assessor evaluated five samples of each cultivar for aroma and flavor. To evaluate external appearance, fruits were presented in polystyrene trays, covered with transparent film. Cultivars Camp-dover, Oso Grande, and Tudla-Milsei had the highest (pO trabalho teve como objetivo realizar a caracterização química e a análise sensorial de morangos das cultivares Camp-dover, Dover, Camp-oso, Oso Grande e Tudla-Milsei, produzidas na região Sul de Minas Gerais. Foram avaliados teor de sólidos solúveis e acidez titulável, além da razão entre as duas características, em três repetições. A análise sensorial foi realizada por um painel de 34 avaliadores, formado por alunos, professores e funcionários da UNICENTRO. O painel avaliou o aroma e o sabor dos frutos utilizando testes de ordenação-preferência, com notas variando de 1 (menor preferência a 5 (maior preferência. A aparência foi avaliada por meio de escala hedônica, de 1 (desgostei muito a 9 (gostei muito. Cada painelista avaliou cinco amostras de cada cultivar para aroma e sabor. Para avaliação da aparência, os frutos foram apresentados em bandejas plásticas, cobertas com filme plástico transparente. As cultivares Camp-Dover, Oso Grande e Tudla

  12. Qualidade de fruto e produtividade de pessegueiros submetidos a diferentes épocas de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michél Aldrighi Gonçalves

    2014-01-01

    Full Text Available Com o presente trabalho objetivou-se avaliar as características produtivas de diferentes genótipos de pessegueiro (Prunus persica (L. Batsch., submetidos a podas em épocas distintas na região de Pelotas-RS. O experimento foi conduzido em uma área experimental pertencente à Embrapa Clima Temperado (CPACT, durante os anos de 2009 e 2010. Os tratamentos foram compostos de combinações de três épocas de poda [poda de inverno (PI, poda de inverno mais poda de verão (PIV e poda de verão (PV] e três genótipos [Cascata 805, Cascata 834 (BRS Kampai e Cascata 952 (BRS Rubimel], resultando em nove tratamentos distintos. Para as variáveis firmeza de frutos, pH, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT e cor, não foi verificada interação entre os fatores estudados. Os frutos de BRS Kampai apresentaram maior firmeza, assim como a poda apenas no período de verão. O genótipo BRS Kampai apresentou frutos com maior SS e AT dentre os estudados e as plantas de BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram frutos com coloração vermelha mais intensa de epiderme, independentemente da época de poda. Verificou-se que a poda apenas no período de verão induziu à produção de frutos menores. Os genótipos BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram produtividades semelhantes, independente do sistema de poda aplicado. Em geral, as características físico-químicas dos frutos não são alteradas com as variações de época de poda estudadas. No entanto, as variáveis de qualidade física e as relacionadas com a produção sofrem influência direta da época de poda.

  13. Frutos tropicais silvestres e polpas de frutas congeladas: atividade antioxidante, polifenóis e antocianinas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kuskoski Eugenia Marta

    2006-01-01

    Full Text Available Os sucos de frutas tropicais conquistam cada vez mais o mercado consumidor, sendo o Brasil um dos principais produtores. Existe grande diversidade de produtos derivados de frutos e constante inserção de novos produtos no mercado de consumo, os quais, na maioria das vezes, ainda não foram devidamente pesquisados com respeito às suas propriedades e atividades benéficas à saúde. Neste trabalho, objetiva-se determinar algumas propriedades de frutos tropicais silvestres in natura e polpas de frutos comercializados congelados. Para determinar a atividade antioxidante, utilizou-se o método do radical 2,2-difeniL-1-picrilhidrazilo (DPPH.; para determinar os polifenóis totais, o método de Folin-Ciocalteu e, para as antocianinas, o método da diferença de pH. As polpas de frutas analisadas foram de amora, uva, açaí, goiaba, morango, acerola, abacaxi, manga, graviola, cupuaçu e maracujá; e os frutos silvestres, jambolão e baguaçu. Representada em TEAC (atividade antioxidante equivalente a Trolox, a atividade antioxidante global das polpas oscila entre mínimos e máximos 0,5 e 53,2mimol g-1, enquanto que, representada em VCEAC (atividade antioxidante equivalente a vitamina C, entre mínimos e máximos de 64,8 e 1198,9mg100g-1. Para os extratos de polpa dos frutos in natura, a atividade antioxidante oscila entre 13,3 e 111,2mimol g-1 (TEAC e entre 42,8 e 2533,1mg 100g-1 (VCEAC. Em ordem decrescente de capacidade antioxidante, encontra-se: acerola> manga> morango> uva> açaí> goiaba> amora> graviola> maracujá> cupuaçu> abacaxi. Os frutos de baguaçu apresentam maior atividade antioxidante que os de jambolão.

  14. Physicochemical, nutritional, and antioxidant characteristics of the fruit of Ehretia tinifolia Características fisicoquímicas, nutricias y antioxidantes del fruto de Ehretia tinifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Fernando Pío-León

    2012-03-01

    Full Text Available Physicochemical characteristics of Ehretia tinifolia L. fruit are presented for the first time. The fruit of this plant is a small drupe of 8 mm diameter and weighs 0.2 g. Its pulp is slightly acidic (pH 5.8 with a high ratio of soluble solids (11 °Brix to acidity (0.1%. The antioxidant activity of E. tinifolia fruits (DPPH, 303.8 mg EVC/100 g f.w.; ABTS, 84.1 mg EVC/100 g f.w.; DPPH, ABTS and EVC mean 1,1-diphenyl-2-picrylhydrazyl, 2,2'-azino-bis(3-ethylbenzothiazolin-6-sulfonate diammonium salt, and equivalents of vitamin C, respectively was similar or higher than reported for several tropical fruits (e.g. orange, guava, and prickly pear. Ehretia tinifolia fruit has a high content of ash (12.6 mg/100 g d.w.. The edible portion is an important source of selenium (0.1 mg/100 g d.w. and total fatty acids were 834.8 mg/100g d.w.; the main fatty acids were palmitic (27.6%, linoleic (26.4%, linolenic (18.1%, and oleic (17.6%. The content of fatty acids of seeds was 5 137.5 mg/100 g d.w., with linoleic (54.3%, oleic (22.9%, and palmitic (12.7% as main components.Se presentan por vez primera características fisicoquímicas del fruto de Ehretia tinifolia L. Este fruto es una drupa pequeña de 8 mm de diámetro y 0.2 g, su pulpa es ligeramente ácida (pH 5.8 y la relación de sólidos solubles (11 °Brix a acidez (0.1% es alta. La actividad antioxidante de los frutos de E. tinifolia (DPPH, 303.8 mg EVC/100 g p.f.; ABTS, 84.1 mg EVC/100 g p.f.; EVC significa equivalentes de vitamina C fue similar o mayor que lo registrado para varios frutos tropicales (e.g. naranja, guayaba o tuna. El fruto presenta un alto contenido de cenizas (12.6 mg/100 g p.s.. La porción comestible es una fuente importante de selenio (0.1 mg/100 g p.s. y el total de ácidos grasos fue de 834.8 mg/100g p.s.; los principales ácidos grasos fueron palmítico (27.6%, linoleico (26.4%, linolénico (18.1% y oléico (17.6%. El contenido de ácidos grasos de las semillas fue 5 137.5 mg

  15. Ontogenia do fruto em desenvolvimento de Alternanthera tenella Colla e Amaranthus blitum Linnaeus (Amaranthaceae Ontogeny of fruits of Alternanthera tenella Colla and Amaranthus blitum Linnaeus (Amaranthaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa de Carvalho Harthman

    2012-09-01

    Full Text Available Alternanthera tenella Colla e Amaranthus blitum Linnaeus são espécies invasoras que ocorrem em culturas e terrenos baldios na região de Maringá, Paraná. O trabalho teve por objetivo a análise morfoanatômica dos frutos em desenvolvimento e estruturas não pericárpicas dessas duas espécies, com a finalidade de contribuir com informações estruturais para identificação das espécies, classificação dos frutos e investigações ecológicas. Flores e frutos foram coletados no campus da Universidade Estadual de Maringá, fixados em Glutaraldeído, secionados em micrótomo de rotação e corados com a azul de Toluidina. As bractéolas e perigônio são persistentes nos frutos e têm estrutura diferente nas duas espécies. O aquênio de Alternanthera tenella mantém o mesmo número de estratos celulares que o ovário, que sofrem colapso na fase madura, exceto o mesocarpo interno que se mantém com espessamento parietal em U e cristais. O utrículo de Amaranthus blitum é semelhante ao ovário em número de camadas celulares e apresenta aerênquima quando maduro. As sementes maduras são exotestais, com mesotesta e endotesta colapsadas, e embrião curvo. Nesse estudo, foram registrados alguns caracteres estruturais dos perigônios e dos frutos que são potencialmente significativos para caracterização e separação das espécies, ao contrário das sementes que são muito semelhantes.Alternanthera tenella Colla and Amaranthus blitum Linnaeus are weeds that occur in crops and uncultivated areas in the Maringá region of Paraná. In this study, a morphoanatomical analysis of fruit development and the pericarp of A. tenella and A. blitum was made in order to contribute structural information for species identification, fruit classification, and ecological investigations. Flowers and fruits were collected at the campus of the State University of Maringá, Paraná, fixed in glutaraldehyde, sectioned with a rotary microtome and stained with

  16. Extracción y caracterización de aceite esencial del Molle Schinus linneo por medio de fluidos supercríticos

    OpenAIRE

    Angulo Gutiérrez, Olga Eugenia

    2015-01-01

    EL MOLLE (SCHINUS LINNEO), es una planta que crece en la región Junín de manera silvestre de la familia de las Anacardiaceae, no aprovechada. Dado que tiene una serie de propiedades farmacológicas a veces usado con fines ornamentales en jardines y lugares públicos. Por las bondades que presenta el molle (frutos) ha motivado realizan el trabajo de investigación extraídas de los alrededores del Distrito de Viquez Provincia de Huancayo Departamento De Junín, (en épocas de maduración de los fruto...

  17. Comparative morphological analysis of cherry tomato fruits from three cropping systems Análise morfológica comparativa de frutos tomate cereja provenientes de três sistemas de cultivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Cachoeira Stertz

    2005-06-01

    Full Text Available Attempts to meet produces market demand are not always followed by research reports showing the impact of novel, intensive cropping systems on the environment, human and animal health, and eventual chemical and structural changes of plants. This work carries a comparative evaluation of the morphology and anatomy of cherry tomato fruits obtained from organic, conventional and hydroponic cropping systems. Fruits were collected at the free market in the greater Curitiba, Paraná, Brazil. For each culture method, 50 fruits their weight, diameter and volume measured. For the anatomical analysis, samples of the pericarp of ten fruits were excised and embedded in glycol methacrylate; 6-mm cuts were then obtained, stained with toluidine blue, and mounted on permanent glass slides. The anatomical analysis and illustrations were performed in Olympus and Zeiss photonic microscope. Samples obtained from the organic cropping system presented the highest mass, diameter, volume and density. The pericarp of fruits, obtained from the conventional cropping system presented larger but less abundant cells in comparison to the pericarp of the hydroponic and organic-produced fruits.A ciência agrícola buscou novas formas de cultivo para atender às exigências de mercado e dividiu-se em três grandes vertentes: os sistemas de cultivo orgânico, convencional e hidropônico. Todavia, esses avanços nem sempre foram acompanhados por pesquisas que objetivassem apontar o impacto de uma nova técnica agrícola sobre o ambiente, a saúde humana e animal e aos próprios vegetais em seus aspectos químicos e estruturais. Este trabalho tem por objetivo o estudo comparativo da morfo-anatomia do fruto do Lycopersicon esculentum var. cerasiforme (Duval A. Gray, cultivado nos sistemas orgânico, convencional e hidropônico. Os frutos foram coletados no comércio varejista da Região Metropolitana de Curitiba, Paraná, Brasil. Para cada cultivo foram analisados 50 frutos. Cada

  18. Efeito de horários de polinização artificial no pegamento e qualidade de frutos de pinha (Annona squamosa L. Effect of artificial polllination improving fruit set and quality of sugar apple (Annona squamosa L. fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2003-08-01

    Full Text Available O Brasil tem se destacado como grande produtor de frutas, especialmente a pinha. A cultura é encontrada desde o norte do país até o estado de São Paulo. Atualmente, o cultivo desta fruteira se espalhou, com a ocorrência de grandes áreas em vários estados brasileiros. A polinização inadequada é um dos fatores limitantes na produção comercial destes frutos. Com o objetivo de estudar os efeitos da polinização artificial foram utilizadas 20 plantas provenientes de um pomar comercial de pinha localizado no município de Nova Porteirinha, Minas Gerais. As flores foram polinizadas no estádio de fêmea por meio do uso de um pincel número dois. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado. Os tratamentos foram compostos de seis horários de polinização (5, 6, 7, 8, 9 e 10 horas, com cinco repetições, utilizando-se 10 flores por parcela. Foram avaliados a porcentagem de pegamento dos frutos, o comprimento, o diâmetro e o peso dos frutos, a porcentagem de frutos desuniformes, o peso da casca, polpa e sementes, o número de sementes e o teor de sólidos solúveis totais. Os melhores tratamentos para as características de peso de frutos e porcentagem de pegamento foram obtidos entre 6 e 10 horas. O teor de sólidos solúveis totais não foi afetado. Foram detectadas correlações positivas e significativas para os seguintes pares de caracteres: peso de fruto e diâmetro e peso de fruto e peso de casca.Nowadays Brazil is an important productor of tropical fruits, especially sugar apple. The sugar apple is widely grown in all Brazilians states. An inadequate pollination is one of the factors limiting the commercial production of sugar apple fruits. In order to study the effects of artificial pollination were used 20 plants from a commercial orchad of sugar apple originated from Nova Porteirinha, Minas Gerais. The flowers were pollinated in the female stage using a number two brush. The experiment was performed in a randomized

  19. Produção e caracterização de frutos de bananeira 'Prata-Anã'e 'Prata-Zulu' Production and characterization of 'Prata Anã'and 'Prata Zulu' banana fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erval Rafael Damatto Júnior

    2005-12-01

    Full Text Available O trabalho objetivou comparar o ciclo cultural e a produção, além de avaliar atributos físico-químicos e sensoriais de frutos de bananeiras das cultivares Prata-Anã e Prata-Zulu, nas condições de Botucatu-SP. Foram avaliadas as seguintes características em campo: número de dias entre o plantio e o florescimento; número de dias entre o florescimento e a colheita; ciclo; peso do cacho; número de frutos por cacho; número de pencas por cacho; peso, número de frutos, comprimento e diâmetro dos frutos da 2ª penca. As análises físico-químicas foram realizadas no dia da colheita e a cada 3 dias, num período de 12 dias, sendo determinados: perda de massa, firmeza, relação polpa/casca, pH, acidez total titulável, e sólidos solúveis totais. Na análise sensorial, avaliou-se a aceitação dos atributos sabor, textura, aparência, aroma e apreciação geral dos frutos. Com os resultados obtidos, verificou-se que a cultivar Prata-Zulu apresentou produção bastante superior à 'Prata-Anã', o que indica ser uma cultivar com boas características agronômicas. Apesar de a cultivar Prata-Zulu apresentar maior perda de massa e menor firmeza, apresentou como vantagem frutos mais doces (maior SST; mesmo assim, a preferência do consumidor é pela 'Prata-Anã', que apresenta como principal vantagem as dimensões do fruto, que são menores, tornando-se assim mais práticos para o consumo.This work aimed to compare the cultural cycle, production and evaluate physic chemistry and sensorial characteristics of banana fruits Prata Anã and Prata Zulu cultivars, produced in Botucatu-SP. It was evaluated the following field characteristics: days between planting and blooming; days between blooming and harvest, cycle; bunch weight; number of fruits in the bunch; number of hands in the bunch; weight, number of fruits, fruits length; and fruits diameter in the 2nd hand. The physics chemistry analyses were realized in the harvest day and every 3 days

  20. Fertirrigación con macronutrientes en manzano ‘Golden Delicious’: Impacto en rendimiento y calidad de fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Manuel Soto Parra

    2016-01-01

    Full Text Available Introducción: Ante la creciente escasez del agua y alto costo de insumos agrícolas, son indispensables alternativas tecnológicas que aumenten el rendimiento de los cultivos y mejoren la calidad de la fruta. La nutrición vegetal es esencial para incrementar la producción y mejorar la calidad y capacidad de conservación del fruto. El objetivo del estudio fue evaluar el efecto de la fertirrigación con macronutrientes en el rendimiento y la calidad de la manzana al momento de la cosecha y después de un período de almacenamiento en atmósfera cotrolada. Metodología: El estudio se realizó en la Huerta “La Semilla” de la Facultad de Ciencias Agrotecnológicas de la Universidad Autónoma de Chihuahua, durante el ciclo de producción 2014. Se utilizaron árboles ‘Golden Delicious’ /MM111 plantados en 1990, para generar los tratamientos se utilizó un diseño factorial Taguchi L25 con 5 factores (los minerales evaluados y 5 niveles (dosis kg ha-1 por cada factor: Nitrógeno (0, 60, 120, 180 y 240, fósforo (0, 24, 48, 72 y 96, potasio (0, 20, 40, 60 y 80, calcio (0, 48, 96, 144, 192 y magnesio (0, 10, 20, 30 y 40 y 5 repeticiones por cada tratamiento. Se midierion atributos de calidad (color, firmeza, sólidos solubles totales- SST, acidez titulable-AT y relación SST/AT al momento de la cosecha (125 días después de completa floración y al cabo de un período de almacenamiento de 5 meses en atmósfera controlada más un período adicional de 7 días a temperatura ambiente para simular vida de anaquel. Los resultados se analizaron por el método de superficies de respuesta máxima. Resultados: El calcio, en una proporción cercana a 1:1 con nitrógeno, afectó de manera relevante la calidad de la fruta, observándose un mayor efecto durante el almacenamiento que al momento de la cosecha. El nitrógeno tuvo un efecto directo sobre la firmeza, SST, AT y relación SST/AT en cosecha, y en postcosecha en el color del fruto y la AT. El f

  1. Radiação, fotossíntese, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Royal Gala' cobertas com telas antigranizo Radiation, photosynthesis, yield, and fruit quality of 'Royal Gala' apples under hail protection nets

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2007-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a intensidade e a qualidade da radiação solar disponibilizada às plantas e os seus impactos sobre a fotossíntese, rendimento e qualidade dos frutos, em macieiras 'Royal Gala', cobertas ou não com telas antigranizo nas cores branca e preta. A tela preta provocou redução maior na densidade de fluxo de fótons fotossinteticamente ativos acima do dossel das plantas (24,8%, em comparação à tela branca (21,2%. O interior do dossel das plantas sob tela preta recebeu menores valores de radiação ultravioleta, azul, verde, vermelho e vermelho distante, bem como da relação vermelho:vermelho distante, em relação às plantas descobertas. Estas alterações na quantidade e qualidade da luz sob tela preta aumentaram o teor de clorofila total e a área específica nas folhas, e reduziram a taxa fotossintética potencial, o peso de frutos por cm² de seção transversal de tronco e a coloração vermelha dos frutos. As telas antigranizo branca e preta reduziram a incidência de queimadura de sol, porém não tiveram efeito sobre a severidade de "russeting" e sobre o número de sementes por fruto.The objective of this work was to assess the amount and quality of the light supplied to plants, and the resulting impacts on photosynthesis, yield, and fruit quality of 'Royal Gala' apple trees uncovered or covered with white and black hail protection nets. The black net caused a higher reduction (24.8% of photosynthetic photon flux density, accumulated over the plant canopy during the day, than the white net (21.2%. The canopy internal portion of plants covered by black net received lower levels of ultraviolet, blue, green, red, and far red radiation, and light with a lower red:far red ratio, in comparison to uncovered plants; these ligth changes increased chlorophyll content and specific area of the leaves, and reduced the potential photosynthesis, the weight of fruits per cm² of trunk cross section area, and the

  2. Cambio de los carbohidratos en el fruto de la uchuva (Physalis peruviana L. durante su desarrollo en relación al cáliz y las hojas Developmental changes of carbohydrates in cape gooseberry (Physalis peruviana L. fruits in relation to the calyx and the leaves

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fischer Gerhard

    1997-12-01

    áliz. Se supone que el cáliz juega un papel dominante en la producción y en la translocación de carbohidratos, principalmente de la sacarosa. Con su eliminación, el desarrollo del fruto es más demorado, lo cual se indica por los contenidos mayores de almidón. Así, el cáliz tiene, no solamente, una función protectora, sino que también, es una fuente importante para los asimilados, especialmente en la etapa temprana del
    crecimiento del fruto. La disminución en el contenido de sacarosa en las hojas a partir de la mitad del desarrollo del fruto podría ser debida a una mayor translocación desde la hoja al fruto.
    Glucose, fructose, sucrose and starch were analyzed in fruits, calyx and the two next leaves during fruit development of cape gooseberry under glasshouse conditions in Berlin-Germany. Calyx was eliminated completely or half-sided vertically 5, 25 and 45 days past fruit set (PFS. Fruits growing completely without calyx slowed down their
    growth rates significantly from 10-15days PFS on. Fruits with half-sided calyx or with a complete removal of the calyx after 25 and 45 days grew unaffectedly. Higher increment rates of all carbohydrates were measured during the first 10-20 days of fruít development in fruits and calyx. Both organs showed higher sucrose concentrations as compared to the other carbohydrates and sucrose rose sharply from 20-30 days PFS in fruits and from 40-50 days in calyx. Glucose and fructose content rose in a lower scale than sucrose and both had very
    similar increase patterns in the fruit. Starch decreased in fruit and calyx from 10-20 days PFS until harvest (60 days continuously. Leaf starch content was highest of the measured carbohydrates and followed a Gauss curve pattern type during fruit growth. Leaf sucrose decreased after 40 days PFS, probably due to an increased translocation to the fruit. 47.2 % of total dry matter in mature fruits were carbohydrates, whereas in calyx and leaves the percentages were 5.7 and 7

  3. Produtividade e qualidade de frutos de pepino africano em resposta à adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Antunes

    2014-02-01

    Full Text Available O pepino africano (Cucumis metuliferus é uma planta nativa do continente africano, com potencial para comércio internacional, destinado tanto ao consumo, na forma de sucos, como ao uso farmacêutico. Todavia, pouco se sabe sobre seu manejo cultural, em nossas condições, sobretudo quanto à adubação nitrogenada. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de doses de nitrogênio sobr e o crescimento da planta, a produtividade e a qualidade de frutos. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, em vasos de 10 L. Constou de seis tratamentos, correspondentes às doses de N de 0, 40, 80, 120, 160 e 200 kg ha-1, distribuídas no delineamento inteiramente casualizado, com 11 repetições. Avaliaram-se: produção de frutos, massas de matéria seca de parte aérea e de raízes e características físicas e químicas de frutos. O número de frutos e a massa de matéria fresca de frutos apresentaram valores máximos estimados de 2,24 frutos/planta e de 516,41 g/planta, respectivamente, com as doses de 122,50 e de 154,44 kg ha-1 de N. A massa média de fruto estimada foi de 240,27 g/fruto, obtida com a dose máxima testada (200 kg ha-1 de N. A massa seca de parte aérea teve máximo estimado de 39,12 g/planta, com a dose de 144,0 kg ha-1 de N. As doses de N não interferiram na qualidade dos frutos. Para o cultivo do pepino africano, sugere-se a dose de 154,44 kg ha-1 de N, que proporciona 2,18 frutos/ planta, com massa média de 237,07 g/fruto, e produtividade estimada de 516,41 g/planta.

  4. Desarrollo de microencapsulados por SPRAY DRYING a partir de frutos de mora de castilla (Rubus glaucus Benth)

    OpenAIRE

    Villacrez Yepez, José Luis

    2013-01-01

    En este trabajo se estandarizó el proceso de microencapsulación de antocianinas de mora, desarrollado en tres etapas; en la primera etapa se adecúo la proporción entre la mezcla fruta:agente encapsulante:agua y el flujo de entrada de la mezcla. La mezcla escogida fue Fruta:agente encapsulante:agua en relación 1:1:1, p/p/v, a una velocidad de procesamiento de 485 mL/h, porque se obtuvo mayor eficiencia del material procesado. En la segunda etapa se realizó un diseño factorial (8...

  5. Identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia e colonização do fungo nos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Firmino

    2014-12-01

    Full Text Available A atemóia é um híbrido Annona cherimola com A. squamosa. A antracnose, causada por Colletotrichum sp., é uma importante doença da atemóia, causando danos em diferentes órgãos da planta, destacando àqueles causados nos frutos, tanto na pré como na pós-colheita. Diante deste problema, o presente trabalho teve como objetivo realizar a identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia através do seqüenciamento de diferentes regiões do DNA deste fungo e acompanhar as etapas de colonização de frutos de atemóia por este fungo através de microscopia eletrônica de varredura. Após extração de DNA, foi realizado o seqüenciamento dos genes da β-tubulina e α-elongase e da região do ITS-5.8S rDNA do DNA dos fungos. Das 15 amostras sequenciadas seis foram identificadas como Colletotrichum acutatum e as outras foram identificadas como C. boninense. A espécie C. acutatum foi encontrada somente em amostras obtidas de folhas de atemóia, enquanto que a espécies C. boninense foi identificada de amostras obtidas de frutos, ramos e folhas doentes. Todas as etapas da doença ocorreram nas 48 horas, sendo que foi observada a germinação dos esporos entre duas e quatro horas após a inoculação

  6. Elaboração e Caracterização de cookie com adição de farinha do mesocarpo do fruto do Marizeiro (Geoffroea spinosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaciara D. Costa

    2015-04-01

    Full Text Available O Marizeiro (Geoffroea spinosa é uma planta originária do bioma Caatinga, vegetação características da Região Nordeste do Brasil, que já fora considerada uma boa fonte de alimento. O fruto do Marizeiro, Mari, possui boas fontes de proteínas e açucares e baixo teor de lipídios. Por suas características nutricionais, a farinha do mesocarpo do Mari desponta como ingrediente alimentar altamente desejável para enriquecer outros alimentos. O objetivo do nosso trabalho foi obter um biscoito tipo cookie enriquecido com a farinha do mesocarpo do fruto do Mari, avaliar suas características físico-químicas e microbiológicas. Os dados da caracterização físico-químico revelaram excelentes níveis proteicos para as amostras F2 com 5% e F3 com 10% de farinha do mesocarpo do fruto do Mari que variou, respectivamente, de 3,7 à 8,6%. Com relação às análises de acidez, umidade e cinzas todos os teores estão dentro dos padrões constantes na legislação brasileira. As análises microbiológicas indicaram não haver a presença de Salmonella sp e Estafilococos coagulase positiva, o crescimento de Coliformes a 35ºC encontraram-se dentro dos padrões estabelecidos pela legislação vigente. Os biscoitos tipo cookie enriquecidos se caracterizaram como alimento funcional por serem ricos em minerais e proteínas devido aos ingredientes da formulação.

  7. Quantificação da divergência genética entre acessos de goibeira por meio da estratégia Ward-MLM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bianca Machado Campos

    2013-06-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo quantificar a divergência genética entre 138 acessos de goiabeira procedentes do banco de germoplasma da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF, com base em descritores morfológicos, agronômicos e físico-químicos, por meio do procedimento Ward - Modified Location Model (MLM. Para tanto, foram avaliados 13 descritores, sendo cinco qualitativos (coloração da polpa, superfície do fruto, formato do fruto ao final do pedúnculo, largura do pescoço e uniformidade da cor da polpa e oito quantitativos (massa média do fruto, diâmetro longitudinal do fruto, diâmetro transversal do fruto, rendimento da polpa, teor de sólidos solúveis totais, acidez do fruto, relação teor de sólidos solúveis totais e acidez do fruto e teor de ácido ascórbico. Detectou-se ampla variabilidade genética pelos dados morfológicos, agronômicos e físico-químicos nos 138 acessos de goiaba. Pelo procedimento da função da verossimilhança, determinou-se oito o número ideal de grupos, com um valor de incremento de 67,51. O grupo III foi considerado o mais distante, enquanto os grupos I, II, IV, V e VI, os mais próximos. O procedimento Ward-MLM é uma ferramenta útil para detectar divergência genética e agrupar os acessos utilizando, simultaneamente, variáveis qualitativas e quantitativas.

  8. Produção de frutos e características morfofisiológicas de Schinus terebinthifolius Raddi., na região do baixo São Francisco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilla Cristina Lemos Souza

    2013-10-01

    Full Text Available Espécies florestais com potencial econômico, como é o caso da aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi., requerem a seleção de indivíduos com características superiores para uso em projetos de restauração florestal e para o estabelecimento de plantios comerciais. Estas plantações podem contribuir para a sustentabilidade de populações naturais de espécies nos fragmentos florestais remanescentes, em áreas de preservação permanente, reservas legais ou outras áreas de importância ecológica. Foi avaliada a produção de frutos, morfometria e viabilidade de sementes de 15 indivíduos de aroeira, em diferentes fragmentos, na região do Baixo São Francisco sergipano. A produção de frutos foi estimada pelo índice de intensidade de Fournier e as características morfométricas foram obtidas com paquímetro e balança analítica digital. A viabilidade e o vigor foram avaliados por meio da porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação (IVG, sob condições controladas. Os resultados da produção de frutos foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (p <0,05. Para as demais variáveis foi utilizado o teste de Scott-Knott (p <0,05. Os indivíduos diferiram em índices de Fournier (índices 1, 2, 3 e 4 e no tamanho de frutos e sementes. A germinação variou de 0 a 83% e o IVG de 0,00 a 0,98. As diferenças fenotípicas observadas entre os indivíduos para a produção de frutos e características morfofisiológicas podem ser exploradas em restauração florestal e estabelecimento de testes de procedências/progênies, visando à discriminação de material superior para futuros plantios comerciais.

  9. Avaliação física, química e fitoquímica de frutos de Physalis, ao longo do período de colheita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Simone Madruga Lima

    2012-12-01

    Full Text Available Physalis peruviana L. é uma espécie que vem sendo incorporada em plantios de pequenas frutas. Esta frutífera é tratada como anual, e o principal método de propagação é por sementes. Seu cultivo apresenta uma dinâmica de colheita diferenciada, com duração do período de colheita superior a três meses. Acredita-se que, devido ao extenso período de colheita, associado a diferentes épocas de semeadura, irão ocorrer variações nas características dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físicas, químicas e fitoquímicas de frutos de Physalis peruviana ao longo do período de colheita, em função de duas épocas de plantio. O experimento foi realizado no período de 2007/2008. A semeadura foi realizada em duas épocas (04-09-2007 e 26-11-2007, e o transplante foi realizado quando as plantas estavam no estádio de duas folhas verdadeiras. Os frutos foram colhidos aos 120; 150; 180; 210 e 240 dias após o transplante e avaliados quanto à massa total e a coloração da epiderme, assim como quanto aos seus teores de sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, fenóis e de carotenoides totais, razão SS/AT e atividade antioxidante. Os frutos de Physalis apresentaram variações físicas, químicas e fitoquímicas ao longo do período de colheita, para as duas datas de semeadura. O desenvolvimento das plantas, após o transplantio, levou a acréscimo nos valores de massa, nos teores de sólidos solúveis, fenóis e carotenoides, assim como na razão SS/AT. Na coloração e na atividade antioxidante, os maiores valores foram obtidos na primeira colheita (120 dias. A semeadura realizada em setembro proporcionou a obtenção de frutos com melhor qualidade.

  10. Composição nutricional do fruto de licuri (Syagrus coronata (Martius) Beccari)

    OpenAIRE

    CREPALDI, IARA CÂNDIDO; ALMEIDA-MURADIAN, LIGIA BICUDO DE; RIOS, MAGDA DIAS GONÇALVES; PENTEADO, MARILENE DE VUONO CAMARGO; SALATINO, ANTONIO

    2001-01-01

    A palmeira Syagrus coronata, licuri, nativa do sertão baiano, é importante fonte de alimento para pessoas e animais. Sua amêndoa é usada como substituta do milho para a alimentação das aves. A composição nutricional indicou que o fruto é altamente calórico. Os principais constituintes das amêndoas são lipídeos e proteínas. Na polpa, o beta-caroteno é um importante constituinte. Discute-se a utilização dos frutos como complemento vitamínico de escolares da área rural da caatinga baiana. Lic...

  11. Nutrição mineral de macieira. VI. acúmulos de nutrientes pelos frutos

    OpenAIRE

    Trani, P.E.; Haag, H.P.; Dechen, A.R.; Sarruge, J.R.; Catani, C.B.

    1981-01-01

    Numa plantação de macieira, constituída dos cultivares 'Ohio Beauty' e 'Brasil', localizada em um Latossol Vermelho Escuro Orto no município de Buri, SP, foram coletados frutos com a idade de 20 a 120 dias de arvores com 1,5; 3,5; 4,5 e 6,5 anos de idade. O material coletado após secagem a 80°C foi analisado para N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn. Os autores concluiram que os cultivares diferem na extração de nutrientes nos frutos coletados em diferentes estádios de desenvolvimento. Os a...

  12. MICROORGANISMOS ASOCIADOS A FRUTOS EMBOLSADOS DE GUAYABA TAIWANESA VARIEDAD TAI KUO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossy Morera-Montoya

    2009-01-01

    Durante la época lluviosa también se encontraron diferencias altamente significativas (X2= 0,04773 en la incidencia de microorganismos, teniendo como resultado: cuando control > bolsa de tergal > bolsa Taiwanesa. Los resultados sugieren que los microorganismos aislados de frutos enfermos podrían ser agentes responsables de la pérdida de frutas comercia les en las plantaciones tropicales de guayaba.

  13. Intoxicação espontânea pelos frutos de Xanthium cavanillesii (Asteraceae em bovinos no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Driemeier David

    1999-01-01

    Full Text Available Descreve-se a ocorrência de dois surtos de intoxicação espontânea de bovinos pelos frutos de Xanthium cavanillesii em dois estabelecimentos dos municípios de Casca e Cachoeira do Sul, RS, no final de abril e meados de agosto de 1996. Em um dos estabelecimentos, morreram 17 novilhas de um total de 310 bovinos e no outro, morreram 11 de um total de 83 terneiros de 12 a 18 meses de idade. O curso clínico variou de 3 a 24 horas e caracterizou-se por apatia, anorexia, desidratação progressiva, retração dos globos oculares, tenesmo associado a discreto prolapso retal, tremores musculares, incoordenação motora, agressividade, decúbito, cegueira na fase terminal, e morte. As principais lesões macroscópicas nos animais necropsiados incluíam fígado com acentuação do padrão lobular e hemorragias puntiformes na superfície capsular e de corte; hidropericárdio, edema gelatinoso e translúcido na parede da vesícula biliar, no mesentério, nos ligamentos e dobras do abomaso e na região perirrenal; fezes ressequidas, em pequena quantidade, sob a forma de esferas e recobertas por muco e estrias de sangue coagulado; petéquias, equimoses e sufusões disseminadas em diferentes tecidos e órgãos; e frutos de X. cavanillesii misturados a conteúdo firme e ressecado do rúmen e do retículo. A principal lesão microscópica consistia em acentuada necrose coagulativa hepatocelular centrolobular associada à congestão e hemorragias, circundadas ou não por uma estreita faixa de hepatócitos marcadamente tumefeitos e vesiculares. Nas propriedades, os bovinos confinados eram alimentados com resíduo de lavoura de soja, inteiro ou moído, contaminado acidentalmente por grande quantidade de frutos de X. cavanillesii. Após a retirada do resíduo da suplementação alimentar desses animais, as mortes cessaram. O diagnóstico baseou-se em dados epidemiológicos, clínicos, de necropsia e histopatológicos e na reprodução experimental da enfermidade

  14. Composição centesimal, compostos bioativos e atividade antioxidante de frutos de Morinda citrifolia Linn (noni cultivados no Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.F. PALIOTO

    2015-03-01

    Full Text Available O fruto de noni (Morinda citrifolia L. é consumido há milênios na medicina popular polinésia devido aos benefícios nutricionais e terapêuticos. O consumo de noni em outros países, incluindo o Brasil, cresceu vertiginosamente nos últimos anos em decorrência das atividades biológicas atribuídas a ingestão do suco da fruta, principalmente pela propriedade anticâncer. Contudo, a composição química da planta, que está relacionada com suas propriedades biológicas, é determinada pelo seu local de origem, e por influência do clima e do solo onde é cultivada. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo analisar a polpa extraída de frutos maduros de noni cultivados em Maringá-PR. A análise da polpa in natura apresentou 89,16% de umidade, 0,75% de cinzas, 2,10% de proteínas, 2,19% de lipídios e 5,81% de carboidratos. Dos compostos bioativos, foram analisados antocianinas (1,39 mg.100 g-1 polpa, flavonoides amarelos (13,01 mg.100 g-1 polpa, carotenóides (0,45 mg.100 g-1 polpa e vitamina C (12,16 mg.100 g-1 polpa. Para fenólicos totais e atividade antioxidante foram preparados diferentes extratos, sendo que os maiores teores de fenólicos totais foram encontrados no extrato aquoso (1143,56 mg equivalente de ácido gálico (EAG.100 g-1, seguido do extrato etanólico (966,96 mg EAG.100 g-1, metanol/acetona (820,88 mg EAG.100 g-1 e metanólico (306,33 mg EAG.100 g-1. Os melhores resultados para antioxidantes, determinado pelo EC50 - concentração do extrato necessária para reduzir 50% do radical DPPH, foram encontrados nos extratos metanol/acetona (EC50 de 25,18 mg.mL-1 e metanólico (EC50 de 25,96 mg.mL-1. A atividade antioxidante dos frutos pode estar relacionada com o conteúdo de vitamina C, uma vez que os extratos com um menor conteúdo de fenóis totais foram aqueles que apresentaram menores valores de EC50.

  15. Produção e qualidade de frutos de tomateiro cultivado em substrato com zeólita Yield and fruit quality of tomato grown in substrate with zeolite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto C. de Campos Bernardi

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a produção e a qualidade dos frutos de tomateiro cv. Finestra, cultivado em substrato com zeólita enriquecida com N, P e K. Os tratamentos utilizados foram quatro doses (20; 40; 80 e 160 g por vaso de zeólitas enriquecidas com H3PO4/apatita, KNO3 e KH2PO4, além de uma testemunha cultivada em solução nutritiva. Foram avaliados a produção de frutos por vaso, firmeza, sólidos totais, pH, acidez titulável e ácido ascórbico dos frutos, dos 80 aos 90 dias de cultivo. O fornecimento de nutrientes através do mineral zeólita enriquecido com N, P e K comprovou ser uma alternativa para o aumento da produção. As maiores produções foram obtidas nos tratamentos com adição de P e K e nas maiores doses de zeólita (160 e 80 g por vaso. A produção de frutos foi 11 a 17% maior em relação à testemunha cultivada com solução nutritiva. Houve efeitos positivos das zeólitas enriquecidas com fontes de fósforo sobre a firmeza e efeito negativo sobre o pH. A firmeza dos frutos variou 104% entre tratamentos, de 7,06 N (ZNK 160 a 14,38 (ZPK 40. O aumento da disponibilidade de potássio contribuiu para o aumento do teor de ácido ascórbico dos frutos.We evaluated yield and quality of tomato fruits, cv. Finestra, grown in a zeolite substrate enriched with N, P and K. Treatments comprised four levels (20; 40; 80 and 160 g per pot of zeolite enriched with H3PO4/apatite, KNO3 and KH2PO4, and a control grown in a nutrient solution. Fruit production, firmness, total soluble solids, pH, titratable acidity and ascorbic acid were evaluated from 80 to 90 days of plant cultivation. Nutrients supplied through the mineral zeolite enriched with N, P and K was an adequate alternative to increase the production. Higher fruit production was obtained with addition of P and K and higher zeolite dosis (160 and 80 g per pot. Fruit production was 11% and 17% higher when compared to the plants grown in nutritive solution (check treatment. Positive effects

  16. Correlations between yield and fruit quality characteristics of fresh market tomatoes Correlações entre caracteres de produção e qualidade de frutos de tomate de mesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia M de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available Genotypic, phenotypic and environmental correlations were estimated for all possible pairs among eleven characters of tomatoes. Fifteen treatments including five parents and ten hybrids of Instituto Agronômico (IAC tomato breeding program were evaluated using a randomized complete block experimental design, with tree replications in Itatiba, São Paulo state, Brazil, during 2005/2006. The following traits were evaluated: fruit yield per plant (FP, fruit number per plant (FN, average fruit weight (FW, cluster number per plant (CN, fruit number per cluster (FC, number of locules per fruit (NL, fruit length (FL, fruit width (WI, fruit wall thickness (FT, total soluble solids (SS, and total titratable acidity (TA. The genotypic (rG, phenotypic (rF and environmental correlations (rA for two pairs of plant traits were estimated using the Genes© program. High similarity was found among the estimates of genotypic and phenotypic correlations. Positive and high phenotypic and genotypic correlations were observed between FP and the traits FN, FW and FT, and these associations contributed for yield increasing. FW and FT contributed to yield increase and should be considered together as primary yield components in tomato. Positive values of the genotypic and phenotypic correlations revealed that FP influenced FN with high direct effect and significant positive correlation. These traits may be included as the main selection criteria for tomato yield improvement.Correlações fenotípica, genotípica e ambiental foram estimadas entre todos os possíveis pares de onze caracteres de tomate de mesa. Quinze tratamentos, incluindo cinco parentais e dez híbridos do programa de melhoramento de tomate do Instituto Agronômico (IAC foram testados no delineamento em blocos casualizados completos, em Itatiba-SP, em 2005/2006. Os seguintes caracteres foram avaliados: produção (FP, número (FN e peso médio do fruto (FW, número de pencas por planta (CN, número de

  17. Calidad y madurez de la uchuva (Physalis peruviana l. en relación con la coloración del fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fischer Gerhard

    1999-12-01

    Full Text Available

    Las frutas de uchuva se clasificaron, después de la cosecha, en seis fases de coloración de la cascara, así: 0 = verde, 1 = verde amarillo, 2 = amarillo naranja. 3 == naranja claro, 4 = naranja, 5 = naranja oscura y 6 = naranja roja, a los cuales se le determinaron sus propiedades físicas y bioquímicas. Para describir el comportamiento entre las fases de coloración y las variables analizadas se propusieron modelos estadísticos polinomiales hasta el grado sexto. Los resultados mostraron que, durante el desarrollo 1a coloración del fruto aumento, proporcionalmente, su tamaño, peso fresco y la relación solidos solubles totales/acidez total titulable (SST/AIT hasta 1a fase 5, mientras la acidez titulable se redujo constantemente. Los coeficientes de determinación mas altos se encontraron para las variables acidez total titulable (R2 = 0,95 y relación SST/ATT (R2 = 0,98, y los mas bajos fueron para β-caroteno (R2 =0,79. Los solidos solubles (principalmente, sacarosa mostraron sus picos mas altos en las fases 3 y 4 y el contenido del β caroteno, en 1a fase 4, razón por la cual se supone que la madurez fisiológica se encuentra entre estos dos estados (3 y 4, naranja claro - naranja, En el estado de la sobremaduracion, color naranja roja, se observo una reducción marcada en tamaño y peso del fruto. Por la relación estrecha entre coloración y el desarrollo de los ingredientes del fruto, se propone que el color de la cascara es un indicador, de fácil uso en campo, para determinar calidad y madurez de la uchuva.

  18. Fruit ontogeny of Garcinia gardneriana (Planch. & Triana Zappi (Clusiaceae Ontogênese do fruto de Garcinia gardneriana (Planch. & Triana Zappi (Clusiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Eglaé Camargo Asinelli

    2011-03-01

    Full Text Available Garcinia gardneriana (Clusiaceae is a small to medium-sized tree that usually occurs on the floodplains of the Paraná River and it is an important food source for the local inhabitants. The fruit itself is consumed in natura, and juices and sweets are made from it. The purpose of this study was to describe morphological and structural aspects of fruits and seeds of this species in order to classify the fruit type and the pulpy layer which involves the seeds. The material analyzed consisted of ovary and fruits in different stages of development, collected from five plants from Aurélio Island, Baía River (MS, BR and the description was done according to standard procedures in anatomy. The fruit is a yellowish-orange spherical berry ("bacóide" type. The smooth, coriaceous skin consists of the lignified exocarp. The endocarp cell layers are derived from the activity of an adaxial meristem that undergoes radial elongation. The edible sweet white pulp is formed by the endocarp, as well as the spongy mesocarp, in which the secretory ducts lose their function. The unitegmic anatropous ovules develop into anatropous exalbuminous seeds with a collapsed and undifferentiated testa. The embryo is hypocotylar. The features here described generally occur in Clusioideae-Garcinieae and Symphonieae.Garcinia gardneriana (Clusiaceae é árvore de pequeno a médio porte frequente na Planície de Inundação do Alto Rio Paraná e de importância na alimentação das populações ribeirinhas, sendo consumida in natura e na forma de sucos e doces. O objetivo do presente estudo foi descrever aspectos morfológicos e estruturais dos frutos e sementes dessa espécie como contribuição à classificação do tipo de fruto e da porção carnosa e comestível que envolve as sementes. Ovários e frutos, em diferentes estádios de desenvolvimento foram coletados de cinco espécimes de uma população localizada na ilha do Aurélio, rio Baía (MS, BR e processados segundo t

  19. Variabilidad en frutos y semillas de Cucurbita moschata Duch. y Cucurbita argyrosperma subsp. sororia L.H. Bailey Merrick & D.M. Bates: Fruit and seeds variability in butternut squash Cucurbita moschata Duch. and Cucurbita argyrosperma subsp. sororia L. H.Bailey Merrick & D.M. Bates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Piedad Valdés Restrepo

    2014-09-01

    Full Text Available En las cucurbitáceas (zapallo se presenta una gama amplia de variantes para el color de la semilla, desde blanco a café, que pueden tener significado evolutivo y de distribución geográfica. Se evaluó la variabilidad en semillas de 295 introducciones de Cucurbita moschata Duch. y 99 de Cucurbita argyrosperma subsp. sororia, todas procedentes de libre polinización. El análisis de conglomerados evidenció 11 grupos para cada una de las especies, las cuales expresaron alta variabilidad entre y dentro de las introducciones para los caracteres porcentaje de extracto etéreo en semilla (EE, peso de semilla por fruto (PSPF y número de frutos por planta (NFP. En C. moschata se destacaron dos grupos (5 y 9 por presentar altos promedios para producción por planta (PPL, peso de semilla por fruto (PSPF y extracto etéreo por planta (EEPP, con coeficientes de variación (CV entre 52% y 93%. En C. argyrosperma subsp. sororia se destacaron para los mismos caracteres los grupos 5 y 11, con un CV entre 53% y 79%. Los elevados coeficientes de variación evidenciaron amplia variabilidad entre y dentro de introducciones para los caracteres de importancia agronómica y agroindustrial. Teniendo en cuenta el análisis de agrupamiento y el índice de selección ponderado (ISP se seleccionaron las seis mejores introducciones en cada especie.

  20. Detecção de capsaicina em extratos dos frutos verdes e maduros de Capsicum baccatum L. pelas metodologias de cromatografia em camada delgada e histoquímica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tamires de Souza RODRIGUES

    2015-01-01

    Full Text Available A pimenta dedo-de-moça (Capsicum baccatum L. é uma espécie utilizada no mundo inteiro pelo seu sabor picante e por possuir inúmeras atividades medicinais. Essas atividades farmacológicas são proporcionadas por um grupo de substâncias presentes, os capsaicinoides, além de taninos, flavonoides, vitamina C, entre outros. Dos capsaicinoides presentes, a capsaicina possui especial importância. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a presença da capsaicina nos extratos dos frutos verdes e maduros de Capsicum baccatum L. pelas metodologias de cromatografia em camada delgada e histoquímica. Os extratos foram preparados com acetona. A cromatografia foi realizada com placas de sílica gel G4, eluída com hexano:acetato de etila (60:40 e reveladas com reagente de Dragendorff. A capsaicina pode ser detectada somente no estágio imaturo (verde dos frutos de Capsicum baccatum L. pela metodologia de cromatografia em camada delgada e pelo teste histoquímico.

  1. Formação de biofilme em gotejadores aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro = Formation of biofilm in drippers applying wastewater from pulping of the coffee fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Oliveira Batista

    2007-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo analisar a formação de biofilme em sistemas de irrigação por gotejamento aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro (ARC submetidas ou não à passagem em filtro orgânico. Para isso, foi montada uma estrutura hidráulica de avaliação, constituída de fitas gotejadores, não autocompensantes e posicionados no espaçamento de 0,3 m. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que: águas residuárias da despolpa de frutos do cafeeiro apresentaram severo risco de entupimento de gotejadores, mesmo quando submetidas a tratamento prévio em filtros orgânicos.This work objectified to analyze the formation of biofilm in drip irrigation systems applying wastewater from pulping of the coffee fruits (ARC with and without ticket in organic filter. For that, a hydraulic structure of evaluation, constituted of drip tape, non pressure compensating, positioned in the spacing of 0,3 m. In accordance with the results obtained can be concluded that: wastewater from pulping of the coffee fruits presented severe risk of clogging of emitters, same when submitted the treatment in organic filters.

  2. Evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate cultivado y la accesión silvestre PI134418 de Solanum habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto. Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato and PI134418 wild accession of Solanum habrochaites var. glabratum with resistance to the fruit borer.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin F. Restrepo S.

    2008-01-01

    Full Text Available Se realizó la evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate S. lycopersicum L. cv. maravilla y la accesión silvestre PI134418 de S. habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto N. elegantalis. Se encontró que hay dominancia de los alelos que disminuyen la expresión del caraacute;cter peso promedio de fruto. El método del retrocruzamiento resultó maacute;s eficiente que el de la autofecundación, para contrarrestar la dominancia de los alelos que codifican por el tamaño pequeño del fruto. Los tricomas y el número promedio de frutos por racimo no ejercieron ningún efecto sobre el ataque de los frutos por parte del pasador; mientras que el peso promedio de fruto sí tuvo efecto importante sobre dicho ataque, de tal manera que el insecto tiende a producir mayor daño a medida que se incrementa el peso promedio de fruto. Las poblaciones RC1 y RC2 se comportaron como las típicas segregantes para los caracteres evaluados y exhibieron amplia variabilidad en los mismos. El método del retrocruzamiento fue efectivo para romper la asociación negativa entre el peso promedio de fruto y la resistencia al insecto. El peso promedio de algunos de los frutos en los recombinantes RC2 fluctuó entre 45.1 y 68.6 g y mostraron resistencia al pasador.Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato S. lycopersicum L. cv. maravilla and PI134418 wild accession of Solanum habrochaites var. glabratum with resistance to the fruit borer N. elegantalis was made. There was dominance of alleles that decrease the expression of the character mean fruit weight. The backcrossing method was more efficient than selfing in order to counteract the dominance of alleles that encode by small fruit size. The thrichomes and the mean number of fruit per bunch did not produce any effect on the fruit attack by the fruit borer; while that mean fruit weight had important effect on this attack

  3. Produtividade e qualidade de frutos de melão em resposta à cobertura do solo com plástico preto e ao preparo do solo Yield and quality of melon fruits in response to plastic mulch and soil tillage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neyton O. Miranda

    2003-09-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito da intensidade do preparo e da cobertura do solo com plástico preto sobre a produção e qualidade de frutos de melão irrigado por gotejamento. O experimento foi conduzido em Mossoró, no delineamento blocos ao acaso em esquema fatorial com parcela subdividida, com três repetições. Foram avaliados o tipo de preparo do solo (área total ou em faixas e profundidade de preparo (20; 30; 40 e 50 cm, com parcelas divididas em com ou sem cobertura do solo. Os frutos foram classificados em tipo exportação, mercado interno e refugo para determinar peso de frutos de cada tipo, número total de frutos e seu peso médio. Foram determinados a firmeza de polpa, o teor de sólidos solúveis totais (SST, espessura da polpa e formato do fruto. A qualidade dos frutos de melão foi reduzida pela cobertura do solo apenas em termos de firmeza de polpa. O preparo do solo em faixas não influenciou as características estudadas. Maiores profundidades de preparo aumentaram a produção de frutos tipo exportação, entretanto diminuíram a produção para o mercado interno.The effect of black polyethylene mulch and soil tillage intensity was determined on yield and quality of drip irrigated melon. The field trial was carried out in Mossoró, Brazil. The experimental design was randomized complete block in a factorial scheme with three replications. Two soil tillage methods were evaluated (strip tillage or tillage of the entire area and tillage depth (20; 30; 40 and 50 cm, with split plots with or without mulch. Fruits were classified in export type, internal market type and rejected, to determine total yield and the yield of each type, number of fruits and fruit mean weight. Pulp firmness, total soluble solids, pulp thickness and fruit shape were determined. Results showed a decrease in pulp firmness with black plastic mulch. Strip tillage did not influence any studied characteristic. Yield of both export type and internal market melons was

  4. Holanda: una cooperación con frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Ordóñez

    2015-01-01

    Full Text Available Se cuenta lo que han sido los primeros 100 años del cine y de las competencias, incógnitas y preocupaciones que han surgido. En otro ámbito, el de la comunicación y Salud se da cuenta del curso pionero en la región para la capacitación de profesionales estrategas, necesarios en América Latina. En el deporte se afirma que éste nació para ser un espejo de la sociedad, para compensar y, contrarrestar ciertos defectos de la sociedad civil y no para dejar que los medios vayan minando ese espíritu altruista, gobernando multitudes y mercantilizándose. Sobre la televisión argentina, Soriano, define que ésta va del "shock al show" frivolizando el inédito "reconocimiento" de culpa, por parte de los militares argentinos en relación a sus crímenes en la última dictadura. Desde la perspectiva de las ONG´s se presenta el networking y los gremios; algunas propuestas latinoamericanas sobre Comunicación y Mujer, para ser consideradas en Beijín. En Recepción televisiva se ofrece dos estudios ¿cuáles son las motivaciones infantiles ante la televisión ? y ¿cómo el visionado femenino de las telenovelas sirve para articular las culturas híbridas en Brasil?. Incluye además cinco temas para el debate.

  5. Análisis de crecimiento y absorción de nutrimentos de frutos de mango, cultivares Tommy Atkins y Keith

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Róger Fallas

    2010-01-01

    y se detalla información para adaptarlas a diferentes localidades. Se determinó que cada kg de fruta fresca de Tommy Atkins y Keith, respectivamente, consume 1,54 y 1,59 g de K; 1,07 y 1,06 g de N; 0,20 y 0,12 g de P; 0,29 y 0,14 g de Ca; 0,19 y 0,15 g de Mg; 0,07 y 0,09 g de S; 8,5 y 2,5 mg de Fe; 3,5 y 2,1 mg de Mn; 0,7 y 1,6 mg de B; 1,2 y 0,97 mg de Zn; y 1,1 y 0,9 mg de Cu. Se sugieren etapas adecuadas para realizar fertilizaciones foliares y se encontró que algunos elementos no deben aplicarse simultáneamente, por posibles antagonismos. Para obtener frutos de Tommy Atkins con peso fresco entre 400 y 500 g se debe cosechar cuando el diámetro fluctúe entre 8,7 y 9,0 cm, o el largo entre 10,7 y 11,2 cm. Para obtener frutos de Keith con un peso entre 600 y 750 g, se debe colectar cuando el diámetro varíe entre 9,4 y 9,8 cm o el largo entre 13,5 y 14,0 cm, según el análisis de regresión.

  6. Desenvolvimento dos frutos de lulo (Solanum quitoense LAM, em Viçosa-MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Monteiro Matarazzo

    2013-03-01

    Full Text Available O lulo é um fruto tropical e exótico, originário dos Andes, tem cor laranja quando maduro, e é uma baga globosa, assemelha- se a um tomate, o epicarpo é grosso e coriáceo, sua polpa é verde-clara, pegajosa, ácida e suculenta, contendo muitas sementes. Objetivou-se acompanhar as características físicas, químicas e fisiológicas ocorridas durante o desenvolvimento do fruto de lulo, da antese ao amadurecimento completo, em Viçosa-MG. Os frutos apresentaram um padrão de crescimento sigmoidal simples em resposta à variação do tempo. O desenvolvimento do fruto foi dividido em três fases. A primeira foi até os 7,39 dias após a antese (DAA, sendo caracterizada pela alta taxa respiratória, provavelmente devido à intensa multiplicação celular, e o pericarpo apresentava coloração verde-clara. A segunda fase estendeu-se a partir dos 7,39 até os 57,63 DAA, sendo caracterizada pelas taxas máximas das características estudadas. A taxa respiratória cresceu até 45 DAA, mantendo-se estável até os 52 DAA. A última fase estendeu-se a partir dos 57,63 DAA até os 95,00 DAA. Essa fase foi caracterizada pela estabilização nas dimensões e no acúmulo de massa fresca. Nesse período, ocorreu a ascensão climatérica (dos 52 aos 59 DAA. O climatério respiratório ocorreu aos 66 DAA, com pico de produção de CO2 de 110,99 mg de CO2 kg-1h-1. O pós-climatério ocorreu dos 73 aos 95 DAA, quando houve aumento no teor de sólidos solúveis e queda da acidez titulável e vitamina C da polpa. Nessa fase, o pericarpo dos frutos apresentava-se com coloração alaranjada.

  7. Uso de productos químicos y biológicos para la degradación de frutos de café en el suelo y su efecto en el desarrollo de la broca del café (hypothenemus hampei) (ferrari)

    OpenAIRE

    Galvez Duque, Astrid Alexandra

    2014-01-01

    Tesis (Especialista en Microbiología Industrial). Universidad Católica de Manizales, Instituto de Investigación en Micriobiología y Biotecnología Agroindustrial, 2014 Los frutos perforados por la broca del café (Hypothenemus hampei) (Ferrari) que caen al suelo después de las cosechas, son la principal fuente de infestación para otros árboles y para las cosechas siguientes. Por esta razón, es necesaria la investigación de nuevas alternativas que reduzcan la sobrevivencia de los est...

  8. Maturation curves and degree-days accumulation for fruits of 'Folha Murcha' orange trees Curvas de maturação e graus-dia acumulados para frutos de plantas de laranjeira 'Folha Murcha'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Maria Colauto Stenzel

    2006-06-01

    Full Text Available The effect of thermal summation on orange fruit growth on different rootstocks has not been studied for the State of Paraná, Brazil. This research evaluated the growth of fruits by means of maturation curves, and quantified the growing degree-days (GDD accumulation required for fruit maturation in 'Folha Murcha' orange trees budded on 'Rangpur' lime, 'Volkamer' lemon, 'Sunki' mandarin, and 'Cleopatra' mandarin, in Paranavaí and Londrina, PR. In both locations and all rootstocks, the fruits showed evolution in total soluble solids (TSS content in relation to GDD accumulation, with a quadratic tendency of curve fitting; total titratable acidity (TTA had an inverse quadratic fitting, and the (TSS/TTA ratio showed a positive linear regression. Fruits in Paranavaí presented a higher development rate towards maturity than those in Londrina, for all rootstocks. The advancing of the initial maturation stage of fruits in Paranavaí in relation to those in Londrina occurred in the following descending order: 'Volkamer' lemon (92 days, 'Cleopatra' mandarin (81 days, 'Sunki' mandarin (79 days, 'Rangpur' lime (77 days. In Londrina, trees on 'Rangpur' lime and 'Volkamer' lemon were ready for harvest 8 and 15 days before those on the 'Cleopatra' and 'Sunki' mandarins, respectively. In Paranavaí, the beginning of fruit maturation in trees on 'Volkamer' lemon occurred 15, 19, and 28 days earlier than on 'Rangpur' lime, 'Cleopatra' mandarin, and 'Sunki' mandarin, respectively. Considering 12.8ºC as the lower base temperature, the thermal sum for fruit growth and maturation of 'Folha Murcha' orange ranged from 4,462 to 5,090 GDD.O efeito da soma térmica no crescimento do fruto de laranja em diferentes porta-enxertos não tem sido estudado no Estado do Paraná, Brasil. Esta pesquisa avaliou o crescimento dos frutos por meio de curvas de maturação e quantificou os graus-dia acumulados (GDA necessários para a maturação dos frutos em laranjeiras 'Folha

  9. Exploring the Potential use of Photo-Selective Nets for Fruit Growth Regulation in Apple Explorando el uso Potencial de Mallas Foto-Selectivas para la Regulación del Crecimiento de Fruto en Manzano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Richard M Bastías

    2012-06-01

    espectro azul (B, 400-500 nm, rojo (R, 600-700 nm y rojo lejano (FR, 700-800 nm sobre crecimiento de fruto y respuestas fisiológicas asociadas en manzano. Árboles de manzano 'Fuji' de 3 años de edad fueron cubiertos con mallas foto-selectivas azul y roja al 40%, y neutras gris al 40% y blanca al 20% (control. Las mallas azul y roja redujeron en la misma proporción (27% la radiación fotosintéticamente activa respecto al control. Sin embargo, la malla azul incrementó en 30% y redujo en 10% las relaciones de luz B:R y R:FR, respectivamente. La tasa máxima de crecimiento de fruto bajo las mallas azul y gris fue 1520% mayor que el control. El peso de fruto bajo la malla azul fue 17% mayor que el control, pero no se encontraron diferencias significativas de peso de fruto entre la malla roja y el control. La fotosíntesis de la hoja y área foliar total bajo la malla azul fueron 28% y 30% mas altas que el control, respectivamente; con un consiguiente efecto positivo sobre la asimilación neta de C por el árbol y producción de materia seca total. Los resultados sugieren que cambiar la composición de luz B, R, y FR a través de mallas foto-selectivas podría ser una herramienta útil para manipular los procesos fotosintéticos y morfo-genéticos que regulan la disponibilidad de carbohidratos para el crecimiento de fruto en manzano.

  10. Relação entre características morfológicas de frutos e incidência de podridão carpelar em clones de macieira 'Gala' e 'Fuji' sobre diferentes porta-enxertos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Nunes Silveira

    2013-03-01

    Full Text Available A podridão carpelar tem-se tornado uma importante doença no Brasil, deixando de ser considerada uma doença secundária dentro do grupo das doenças de verão. O desenvolvimento e o formato dos frutos podem ser influenciados por eventos climáticos que ocorrem durante o período de polinização e frutificação da macieira. Além de outros fatores como nutrição das plantas, manejo da condução, tipo de porta-enxerto e cultivar copa. As alterações no formato dos frutos advindas destes fatores podem influenciar no aumento da intensidade da doença. O objetivo deste trabalho foi relacionar características morfológicas de frutos com a incidência de podridão carpelar, em clones de macieira, utilizando diferentes porta-enxertos, durante os ciclos de produção de 2009/2010 e 2010/2011, no município de Vacaria, no Estado do Rio Grande do Sul. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em arranjo fatorial 9 x 2, com nove clones das cultivares Gala e Fuji e dois porta-enxertos EM-9 e Marubakaido com interenxerto de EM-9. As características morfológicas dos frutos avaliados foram: relação entre comprimento e diâmetro de frutos (C/D, distância entre lóbulos, abertura calicinar, comprimento do tubo calicinar, número de sementes e classe de sintomas da doença nos carpelos. A doença não foi identificada nos clones da cultivar Gala, em ambos os ciclos de produção. Houve interação entre os fatores clones e porta-enxertos para as características morfológicas avaliadas, em ambos os ciclos de produção. A maior incidência da doença nos clones de 'Fuji' apresentou uma relação positiva com as características morfológicas dos frutos com maior abertura calicinar, menor relação C/D e maior distância entre lóbulos dos frutos, quando comparados aos clones de 'Gala'. O clone 'Fuji Suprema', enxertado sobre porta-enxerto EM-9, apresentou 19,33 % de incidência de podridão carpelar, sendo significativamente superior

  11. Resistência parcial à necrose dos frutos em genótipos de café arábica Partial resistance to fruit necrosis in arabic coffee genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Hiroshi Sera

    2009-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se identificar em genótipos de café arábica (Coffea arabica L. fontes de resistência à necrose de frutos em condições de campo. As variáveis resistência à necrose de frutos ("NF", quantidade média de frutos por nó produtivo ("FN" e índice de luminosidade dentro da copa da planta ("LUM" foram avaliadas em ensaio de campo no IAPAR (Londrina, em dezembro de 2004, em cafeeiros com três anos de idade. Foi avaliada a variável "NF", atribuindo notas de 1 a 5 sendo 1 para plantas com 0 % a 5 % de frutos necrosados. "FN" foi avaliada seguindo uma escala de notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com 0 a 3 frutos/ nó e nota 5 com mais do que 15 frutos/ nó. A avaliação da variável "LUM" foi visual e seguiu as notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com pouca luminosidade dentro da copa da planta. Dos 19 genótipos avaliados, 2 apresentaram moderada resistência, 7 moderada suscetibilidade, 5 suscetíveis e 5 altamente suscetíveis. As cultivares Obatã IAC 1669-20 e Catucaí Vermelho 4-79 apresentaram o melhor nível de resistência parcial de campo, ou seja, com moderada resistência à necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp.The aim of this research was to identify in Coffea arabica L. coffee genotypes resistance sources to fruit necrosis in field conditions. The variables fruit necrosis ("NF", fruits per productive nodes average ("FN" and luminosity index inside of the plant canopy ("LUM" were evaluated in field assay at IAPAR (Londrina, in December 2004 on three years old coffee trees. The "NF" variable were evaluated attributing scores from 1 to 5, where score 1 represented plants with 0 to 5 % of necrosed fruits. "FN" were evaluated following a score scale from 1 to 5, where score 1 represented plants with 0 to 3 fruits/ node and score 5 with more than 15 fruits/ node. The evaluation of the variable "LUM" was visual and followed the scores from 1 to 5, where score 1 represented plants with

  12. Morfologia de frutos, sementes e plântulas de castanheira (Terminalia catappa L. - COMBRETACEAE Morphology of the fruit, the seed and the seedlings of chestnut tree (Terminalia catappa L. - COMBRETACEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia de Azevedo Ivani

    2008-06-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado com o objetivo de descrever morfologicamente os frutos, sementes e plântulas de castanheira. Foi feita a biometria dos frutos e das sementes e sua caracterização quanto à forma, por meio de mensurações com paquímetro e observações realizadas em estereomicroscópio com câmara clara. Os frutos de castanheira são carnosos, indeiscentes, do tipo nucóide, glabros, de coloração verde a vinácea, projeção das nervuras carpelares externamente evidentes, com epicarpo delgado, mesocarpo carnoso e esponjoso de coloração vinácea, com feixes vasculares conspícuos em corte transversal. Geralmente, cada fruto contém apenas uma semente. As sementes são exalbuminosas, de formas alongadas e cilíndricas, recobertas por endocarpo rígido de coloração marrom; possuem cerca de 2,5cm, 0,7cm e 0,7cm, de comprimento, largura e espessura, respectivamente. A germinação das sementes de castanheira é epígea, e a plantula é fanerocotiledonar.The work was carried out with the objective of describing morphologically the fruits, seeds and seedlings of chestnut tree. It was made the biometry of the fruits and seeds with a digital pachymeter and its characterization in relation to the shape, in stereomicroscope with clear chamber. It can be evidenced that the chestnut tree fruits are fleshly, indehiscent, nucoid, glabrous, from green to purple coloration, with evident projection of the carpel ribbings, with a fleshly and spongy epicarp and mesocarp, of purple color, with conspicuous vascular bundle in transversal cut. Generally, it has a seed per fruit. The seeds are unalbuminous, of prolongated and cylindrical shape and recovered with a rigid endocarp of brown coloration. The seeds possess about 2,5; 0,7 and 0,7 cm, of length, width and thickness, respectively. The germination of the seeds of chestnut tree is epigeal and the seedling is fanerocotyledonary.

  13. Características físico-quimicas, análise sensorial e conservação de frutos de cultivares de bananeira resistentes à sigatoca-negra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Lúcia Siqueira

    2010-10-01

    Full Text Available O cultivar Prata Anã é o mais plantada no Norte de Minas Gerais, o que demonstra estar a bananicultura regional baseada numa variedade suscetível à sigatoca-negra. Apesar de existirem cultivares resistentes em fase de recomendação para o cultivo na região, ainda são escassos os trabalhos relacionados a metodologias de conservação pós-colheita. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o período de armazenamento e as características físico-químicas e sensoriais dos cultivares de bananeira Fhia - 02 e Precioso, ambos resistentes à sigatoca-negra, e o efeito da atmosfera modificada associada à refrigeração. Foram realizados três experimentos, o primeiro em temperatura ambiente, o segundo a 12 ºC e o terceiro a 15 ºC. Esses experimentos foram instalados no delineamento em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas no tempo, tendo nas parcelas um fatorial 2 (com e sem embalagem x 2 (Fhia - 02 e Precioso e nas subparcelas as avaliações em intervalo de seis e dois dias para frutos armazenados nas temperaturas de 12, 15 e 25 ºC, com quatro repetições e três frutos por unidade experimental. Após o tratamento, os frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido (sem embalagem e embalagens de 10 e 16 µm e umidade relativa de 90%. As características avaliadas foram: tamanho, diâmetro, cor, firmeza, perda de matéria fresca, sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, SST/ATT, pH e análise sensorial. O uso da embalagem associada à refrigeração permitiu armazenar os frutos por 28 dias, mantendo as características físico-químicas.

  14. Calidad en frutos de tomate (Solanum lycopersicum L. cosechados en diferentes estados de madurez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Casierra-Posada Fánor

    2008-08-01

    Full Text Available

    El tomate es una de las hortalizas de más alto volumen de consumo en fresco; sus pérdidas en la comercialización suelen comenzar en la cosecha y van hasta la poscosecha a través del manejo. El experimento se realizó en Tunja (Colombia con el objetivo de evaluar cambios en la calidad en frutos de tomate, dependientes de los diferentes estados de madurez en que fueron cosechados. Los frutos se seleccionaron de acuerdo con su porcentaje de coloración verde y roja. Los híbridos de tomate evaluados fueron Sofía, Marimba y Bravona. Los parámetros de respuesta fueron: firmeza, sólidos solubles totales, acidez titulable, pH, índice de madurez y pérdida de peso. Los resultados mostraron que la pérdida de peso, la acidez titulable y la firmeza disminuyen al ser cosechados los frutos en estados más tardíos de maduración, mientras que los sólidos solubles totales y el índice de madurez se incrementaron únicamente cuando los frutos se cosecharon en estados más tardíos de maduración. Los valores de pH variaron muy poco respecto al tiempo de cosecha de los frutos. El comportamiento poscosecha de los híbridos fue muy diferente para todas las variables dependientes. Finalmente, el mejor estado de madurez para cosechar los híbridos Bravona y Marimba fue cuando los frutos alcanzaron una coloración 75% verde y 25% rojo; los frutos de Sofía pueden ser colectados con 50% verde y 50% rojo, con el fin de mantener sus características organolépticas y una mejor calidad.

  15. Evaluación de bolsa atmósfera modificada y concentraciones de anhídrido sulfuroso aplicadas sobre frutos de arándano alto (Vaccinium corymbosum L.) cv. Emerald

    OpenAIRE

    Mario Rodríguez Beraud; Anddy Wyss Valdés; Nelson Hormazábal Vásquez

    2015-01-01

    Con el objetivo de evaluar las técnicas de atmósfera modificada y aplicación de anhídrido sulfuroso sobre parámetros de calidad de postcosecha en frutos de arándanos (Vaccinium corymbosum L.) cv. Emerald, se realizó un experimento de seis tratamientos, dados por la combinación de dos factores, atmósfera modificada (con y sin), y diferentes concentraciones de anhídrido sulfuroso (generadas por 0, 1 y 2 g de metabisulfito de sodio) durante 7, 14, 21 y 28 días a 0 °C. Con la dosis de 2 g de meta...

  16. Fruit anatomy of species of Solanum sect. Torva (Solanaceae Anatomía del fruto en especies de Solanum sect. Torva (Solanaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco E. Chiarini

    2010-12-01

    Full Text Available The mature fruits of 10 South American species of Solanum sect. Torva were studied. Cross and longitudinal microtome sections, stained with astra blue/basic fuchsin, were made for microscopic examination. All species present an epidermis formed by a unistrate layer of small, isodiametric cells, with dense content and cellulosic walls. Immediately below, a hypodermis is always found, consisting of a well-defined layer of lignified cells with a single calcium oxalate crystal occupying the whole lumen of each cell. This is followed by one layer of cellulosic, isodiametric cells with dense cytoplasm and then several collenchymatous layers, sometimes with sclerified cell walls. The mesocarp comprises two zones histologically differentiated: an external one (formed by regular, vacuolated, medium-sized cells with small intercellular spaces, and an internal one, commonly juicy, and developing proliferations among the seeds. The fruits analyzed are alike, and despite some particularities, they can be classified as berries in the conventional sense. All the traits examined agree with the ornithochorous dispersal syndrome. The homogeneity in fruit traits may be due to shared habit, habitat and sexual system.Se estudiaron los frutos maduros de 10 especies sudamericanas de Solanum sect. Torva. Se examinaron en microscopio cortes microtómicos transversales y longitudinales teñidos con azul astral/fucsina básica. Todas las especies presentaron una epidermis unistrata de células pequeñas, isodiamétricas, de contenido denso y paredes celulósicas. Inmediatamente por debajo se encontró siempre una hipodermis, formada por una capa bien definida de células lignificadas con un cristal de oxalato de calcio en el lúmen de cada célula. A continuación se halló otra capa de celulas isodiamétricas, celulósicas, de contenido denso, y luego varias capas de colénquima, en ocasiones con paredes esclerificadas. El mesocarpo presentó dos zonas histologicamente

  17. Qualidade dos frutos de tipos de melão,produzidos em ambiente protegido Quality of melon fruit type produced under protected system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheline Tavares Paduan

    2007-01-01

    Full Text Available O interesse pela cultura do melão no Brasil tem aumentado muito nos últimos anos, pelas crescentes exportações e pelo incremento no consumo do mercado interno. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físicas e químicas, assim como a atividade da pectinametilesterase dos frutos de tipos de melão (Cucumis melo L., produzidos em ambiente protegido, no município de Centenário do Sul-PR. Os tipos estudados foram: Valenciano ('Amarelo-Ouro', Caipira ('Gaúcho Caipira', Net Melon ('Net Galia', Orange ('Orange Melon' e Pele-de-Sapo ('Filipo', com cinco repetições, utilizando seis frutos por repetição em delineamento inteiramente casualizado. Os frutos do Valenciano e Pele-de-Sapo destacaram-se quanto à massa, com valores 2,02 e 2,07 kg, respectivamente, e formatos alongados, enquanto os demais tipos apresentaram formatos arredondados e massa em torno de 1,4 kg. Os melões Pele-de-Sapo apresentaram espessura da polpa de 43,36 mm, estatisticamente superior à dos frutos Valenciano, com 38,98 mm. A menor espessura de polpa, 24,78 cm, e a maior espessura de casca, 9,74 mm, foram encontradas nos frutos do tipo Caipira que diferiu estatisticamente dos outros tipos. Os valores de pH não se apresentaram estatisticamente diferentes e variaram de 6,24 a 6,48. O Net Melon apresentou polpa com 12,3ºBrix e diferiu estatisticamente do Orange, Valenciano e Pele-de-Sapo, com 11;12; 10,34 e 9,94 ºBrix, respectivamente. O Caipira atingiu 5,06ºBrix, e também o menor conteúdo de acidez, 0,10 g de ac. cítrico.100-1 g de suco, o que inviabiliza sua comercialização. A atividade da pectinametilesterase na polpa dos frutos foi muito baixa, inferior a 0,005 PEu x 10(4 mL-1, nos cinco tipos avaliados. Na região norte do Paraná (Vale do Paranapanema, sob condições de cultivo protegido, os melões Pele-de-Sapo, Net Melon, Orange e Valenciano apresentaram boas características físicas e químicas dos frutos, destacando-se o Net Melon

  18. Physical and Chemical Characterization of Melia azedarach L. Fruit and Leaf for Use as Botanical Insecticide Caracterización Física y Química del Fruto y Hoja de Melia azedarach para Uso en Manejo Integrado de Plagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Italo Chiffelle G

    2009-03-01

    mediante bioensayos de laboratorio sobre Drosophila melanogaster Meigen (Diptera: Drosophilidae, como insecto modelo. El diámetro del fruto de M. azedarach se situó en el límite inferior con referencia a otros estudios. La harina obtenida del fruto verde tuvo un peso seco promedio inferior al maduro. Las hojas tuvieron pesos secos promedio similares, tanto en el estado juvenil como en el maduro. Los frutos verdes tuvieron un contenido de humedad de 50%, similar a las hojas juveniles (60% y maduras (57%, pero mayor que los frutos maduros (44%. El análisis químico de los estados de madurez del fruto determinó un aumento leve en el contenido de fibra cruda según aumentaba la madurez. En las hojas hubo una disminución cercana a 60% en la cantidad de lípidos cuando maduran. Además, un análisis de polifenoles, por HPLC-DAD (Cromatografía Líquida de Alta Resolución con Detector de Arreglo de Diodos identificó 14 compuestos como causantes del efecto insecticida del fruto de M. azedarach, de los cuales tres corresponderían a flavonoides: una catequina y dos kaempferoles. Finalmente, los extractos acuosos de hojas y frutos de M. azedarach fueron eficaces como insecticidas sobre D. melanogaster, alcanzando mortalidades de hasta 90% con hojas juveniles (125 000 mg kg-1 y 73,3% con frutos verdes (10 700 mg kg-1.

  19. Evaluación de bolsa atmósfera modificada y concentraciones de anhídrido sulfuroso aplicadas sobre frutos de arándano alto (Vaccinium corymbosum L. cv. Emerald

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Rodríguez Beraud

    2015-01-01

    Full Text Available Con el objetivo de evaluar las técnicas de atmósfera modificada y aplicación de anhídrido sulfuroso sobre parámetros de calidad de postcosecha en frutos de arándanos (Vaccinium corymbosum L. cv. Emerald, se realizó un experimento de seis tratamientos, dados por la combinación de dos factores, atmósfera modificada (con y sin, y diferentes concentraciones de anhídrido sulfuroso (generadas por 0, 1 y 2 g de metabisulfito de sodio durante 7, 14, 21 y 28 días a 0 °C. Con la dosis de 2 g de metabisulfito de sodio en atmósfera modificada no se presentaron pudriciones, a diferencia del tratamiento testigo que presentó un 4,86% luego de 28 días de almacenaje. Los resultados indican que la incidencia de pudrición gris disminuyó significativamente (p ≤ 0,05 con anhídrido sulfuroso en bolsa atmósfera modificada, existiendo un efecto de interacción entre ambos factores, no obstante, el gas causó daños de blanqueamiento de frutos, el que correspondió a un 11,66% con una dosis de 2 g de metabisulfito de sodio, luego de 28 días de almacenaje. El uso de bolsa de atmósfera modificada redujo significativamente (p ≤ 0,05 la pérdida de peso por deshidratación (en promedio un 4% respecto a los tratamientos donde esta tecnología no fue utilizada. La concentración de sólidos solubles no fue influenciada por los tratamientos, manteniéndose entre 13 y 14%.

  20. Resposta da aplicação do 1-MCP em frutos de mamoeiro 'Golden' em diferentes estádios de maturação Responses of 1-MCP applications in 'Golden' papaya fruits on differents maturation stages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maximiliano Silva de Souza

    2009-09-01

    Full Text Available O estudo de fatores que influenciam no processo de amadurecimento é fundamental para o planejamento do processo de comercialização, principalmente em frutos com padrão de respiração climatérico e perecível, como é o caso do mamão. Nesse trabalho, avaliou-se o efeito da aplicação do 1-MCP (1-metilciclopropeno sobre o amadurecimento de frutos de mamoeiro nos estádios 0; 1 e 2 de maturação. O 1-MCP diminui a produção de etileno (≈79% e a taxa respiratória (≈45%, principalmente em frutos no estádio 0 de maturação. O uso deste inibidor da ação do etileno retardou a perda de coloração verde da casca dos frutos, principalmente em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação. Houve redução na perda de firmeza do fruto e do mesocarpo nos estádios 1 e 2. Entretanto, em frutos no estádio 0 de maturação, a firmeza do mesocarpo manteve-se alta, o que pode comprometer a aceitação destes frutos pelo consumidor. O teor de sólidos solúveis não foi influenciado pela aplicação do 1-MCP. O efeito do 1-MCP na redução da atividade das enzimas PME e PG foi maior em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação em comparação a frutos no estádio 2 de maturação. A atividade da PME demonstrou crescente aumento ao longo do período de armazenamento, porém a atividade da PG permaneceu baixa ao longo dos cinco primeiros dias, com aumento posterior. Os resultados mostraram que a PME exerce influência significativa na perda de firmeza da polpa nos primeiros dias, com atuação posterior da PG. O 1-MCP mostrou-se eficiente em retardar o processo de amadurecimento de frutos de mamoeiro, tornando-se mais eficiente quando associado a estádios de maturação iniciais.The study of factors that influence the process of ripening is critical for planning the marketing process, mainly in standard breathing climacteric and perishing fruits, as it is the case of papaya. In this work it was evaluated the effect of the application of 1-MCP (1

  1. Avaliação da eficácia de extratos oleosos de frutos verdes e maduros de cinamomo (Melia azedarach sobre Rhipicephalus (Boophilus microplus (Acari: Ixodidae Evaluation of efficacy of ripe and unripe fruit oil extracts of Melia azedarach against Rhipicephalus (Boophilus microplus (Acari: ixodidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lorena A. Dias de Sousa

    2008-03-01

    Full Text Available Extratos hexânicos obtidos dos frutos de Melia azedarach foram testados sobre fêmeas ingurgitadas e larvas de Rhipicephalus (Boophilus microplus. Foram produzidos quatro extratos: um de frutos verdes e três com frutos maduros, sendo um com os frutos imediatamente processados, outro com frutos armazenados por cinco meses e um testado após armazenamento do extrato por 2 (dois anos a 4ºC. Os testes foram feitos em triplicata, em diluições de 0,25% a 0,0156%. A eficácia dos extratos foi avaliada através da comparação da Reprodução Estimada dos lotes "controle e tratado" para fêmeas, da mortalidade para as larvas, e do cálculo das DL50 e da potência relativa para larvas e fêmeas. O extrato de frutos verdes apresentou uma eficácia variando de 3,6% a 100% para fêmeas, e o de frutos maduros variou de 5,2% a 99,7%. Os dois extratos causaram uma mortalidade de 100% das larvas nas maiores concentrações. O extrato de frutos armazenados apresentou eficácia de 14% a 83% sobre fêmeas, enquanto o extrato armazenado em geladeira apresentou eficácia de 8,4% a 100% e ambos não apresentaram efeito larvicida. Os resultados obtidos demonstram uma superioridade do extrato verde, com uma menor DL50 e potência 1,497 vezes superior ao extrato de frutos maduros.Hexanic extracts gotten of the fruits of cinamomo (Melia azedarach were tested on engourged females and larvae of Rhipicephalus (Boophilus microplus. Four extracts were produced: one of unripe fruits and three of ripe fruits, being one with the fruits immediately processed, another one with fruits stored for five months and one tested after storage of the extract for 2 (two years at 4ºC. The tests were made in triplicate, in 0.25%- 0.0156% dilutions. The effectiveness of extracts was evaluated through the comparison of the Reproduction Estimate of the groups "controlled and treated" for females, of mortality for the larvae, and of the calculation of the DL50 and the relative power for

  2. Capítulo VI: evaluación de la resistencia al pasador del fruto de tomate Neoleucinodes elegantalis (Gueneé en materiales L. hirsutum Humb y Bonpl y L. pimpinellifolium (Just mill y su transferencia a materiales cultivados de tomate L. esculentum Mill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salinas Helbert

    1994-12-01

    Full Text Available

    La investigación tuvo como objetivo estudiar el ciclo de vida del pasador  del fruto del tomate, N. elegantalis y evaluar la resistencia genética en diferentes accesiones de Lycopersicon y en poblaciones derivadas de cruzamientos interespecíficos entre L. esculentum, L. pimpinellifolium y L. hirsutum. La evaluación se realizó en condiciones de campo, utilizando un diseño de bloques completos al azar, con cuatro repeticiones. Se midieron los siguientes caracteres: estados del ciclo de vida, número de posturas, cantidad de frutos dañados, número de perforaciones de entrada, número de larvas por fruto e intensidad del daño. Se determinó el ciclo de vida del insecto plaga. Las especies silvestres fueron calificadas como muy resistentes o resistentes. Las variedades comerciales fueron calificadas como susceptible o medianamente susceptibles. Las poblaciones segregantes provenientes de los cruzamientos interespecíficos fueron calificados como resistentes o ligeramente susceptibles, indicando la posibilidad de introgresión genética de la resistencia. El insecto plaga  tiene mayor preferencia por fenotipos con frutos de mayor peso promedio y pericarpio duro.

    The research was carried out to study the life cicle of N. elegantalis, and the identification of resistence to the insect among Lycopersicon accessions and derivated populations from crossing between L. esculentum, L. pimpinellifolium and L. hirsutum. The life cicle of N. elegantalis was determinated. The wild species L. hirsutum and L. pimpinellifolium were very resistant and resistant, respectively. The Lycopersicon cultivars were susceptibles and derivated populationes from interspecific crossing were resistant or intermedium susceptible. There were associations between the fruit size, fruit firmness, fruit weight and susceptible expression in the plants from crossing between L. hirsutum, L. pimpinellifolium and commercial cultivars.

  3. Quantificação de compostos fenólicos e ácido ascórbico em frutos e polpas congeladas de acerola, caju, goiaba e morango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Mesquita Freire

    2013-12-01

    Full Text Available O crescente interesse da população pela promoção da saúde vem despertando a atenção dos consumidores por alimentos ricos em antioxidantes, combinado com a praticidade do consumo de sucos de frutos processados. O presente trabalho objetivou quantificar e avaliar a capacidade antioxidante de compostos fenólicos e ácido ascórbico em frutas in natura e polpas congeladas. As frutas in natura e polpas congeladas obtidas na região de Lavras - MG foram submetidas à quantificação de compostos fenólicos e ácido ascórbico e os respectivos extratos acetônico-etanólico e acetônico-metanólico. Foram determinadas suas atividades antioxidantes pelos métodos radicalares DPPH e ABTS. O extrato acetônico-metanólico foi mais efetivo para extrair os compostos antioxidantes das amostras. Apenas as polpas congeladas de acerola apresentaram uma redução do teor de compostos fenólicos em relação ao fruto. Para o teor de ácido ascórbico, houve uma redução nas polpas congeladas de acerola e goiaba. As amostras de acerola apresentaram os maiores teores de compostos fenólicos, ácido ascórbico e atividade antioxidante em relação aos demais frutos analisados.

  4. Morfologia da flor e formação do fruto no amendoim cultivado (Arachis hypogaea, L. Flower morphology and fruit development in the cultivated peanut (Arachis hypogaea L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Candida H. T. M. Conagin

    1955-01-01

    Full Text Available O amendoim comum pertence à espécie Arachis hypogxa L. ; outras espécies não apresentam valor econômico algum. As variedades comerciais podem ser reunidas em três grupos - Virgínia, Spanish e Valência - de acôrdo com a distribuição das gemas vegetativas e reprodutivas e também com o número de sementes por fruto. Nêste trabalho é apresentado um estudo da morfologia, duração e fertilização da flor, mostrando que no amendoim não existe a suposta distinção de flôres férteis e estéreis. Também a formação do fruto é descrita, mostrando a interessante característica desta planta, que é ter flôres aéreas e frutos subterrâneos.This work is based mostly on the descriptions given in Smith's paper "Arachis hypogxa L. Aerial flower and Subterranean Fruit" (2 and in the symposium "The Peanut. The unpredictable Legume" (3, and also on some of the author's observations. All cultivated peanut varieties belong to the species Arachis hypogxa L.; other species of the genus are not used for commercial production and may be of interest only for breeding purposes. Commercial peanut varieties can be grouped into one of three types : Virginia, Spanish, and Valencia. This grouping is done according to the distribution of vegetative and reproductive buds on the plant, and to the number of seeds per fruit. Studies were made on flower morphology, its duration and fertilization ; they indicated that all peanut flowers are potentially fertile and cannot, therefore, be classed into fertile and infertile types. A description of how the aerial flowers produce subterranean fruits is given.

  5. Qualidade de frutos de laranjeira Valência cultivada sob sistema tecnificado Quality of Valencia orange fruits cultivated under technified system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina K. Grizotto

    2012-07-01

    Full Text Available Estudou-se, neste estudo, o efeito de um pacote tecnológico implementado no pomar laranjeira Valência em comparação com o sistema convencional tendo-se por base a produção e a qualidade dos frutos colhidos. As tecnologias praticadas constam de adensamento, adubação na implantação e formação, tratamento fitossanitário, manejo de plantas invasoras, irrigação e poda de formação. Os resultados obtidos dos frutos da primeira colheita mostraram que o sistema tecnificado com irrigação (ST + I promoveu aumento significativo no rendimento de colheita, o qual foi maior em pomares com maior adensamento de 727 plantas ha-1 (espaçamento 5,5 x 2,5 m ou 667 plantas ha-1 (espaçamento 6,0 x 2,5 m. A irrigação em sistema tecnificado resultou em frutos com maior tamanho e, consequentemente, menor número de frutos para compor uma caixa padrão, menores teores de sólidos solúveis e acidez titulável. Não houve variação no rendimento em suco, independente do sistema de produção ou espaçamento utilizado. Conclui-se que, nesta primeira avaliação, a implementação de sistema tecnificado de manejo de pomar concomitante à irrigação (ST + I é interessante, uma vez que promove maior rendimento de colheita em comparação ao sistema convencional.The effect of a technological package implemented in a Valencia orange orchard was studied and compared with the conventional system, based on the production and quality of the fruits harvested. The technologies implemented included the densification, fertilization during implantation and training, phytosanitary treatment, weed management, irrigation and pruning. The results for the fruits from the first harvest showed that the Technified System and Irrigation (TS + I resulted in significant increase in crop yield. This increase was higher in orchards with a higher density of 727 plants ha-1 (5.5 x 2.5 m spacing or 667 plants ha-1 (6.0 x 2.5 m spacing. In general, irrigation concomitant with TS

  6. Estimativas de correlação e repetibilidade para caracteres do fruto de bacurizeiro Estimates correlation and repeatability for characters of the bacurizeiro fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João Tomé de Farias Neto

    2004-04-01

    Full Text Available Conduziu-se este trabalho com o objetivo de estimar os coeficientes de correlação e de repetibilidade envolvendo doze caracteres do fruto de bacurizeiro: comprimento do fruto (CF, diâmetro do fruto (DF, espessura da casca (EC, peso da casca (PC, peso das sementes (PS, número de sementes (NS, volume da cavidade interna (VCI, peso do fruto (PF, peso total de polpa (PTP, porcentagens de casca (%C, sementes (%S e polpa total (%PTP. As estimativas dos coeficientes de repetibilidade das características CF, DF, EC, PC, PS, VCI, PTP, %C e %PTP demonstraram alta regularidade nos indivíduos, e quatro a doze medições são necessárias para obter predições com confiabilidade em torno de 95%. Com exceção do caráter EC, não foram observadas grandes diferenças entre as estimativas dos coeficientes de repetibilidade obtidos pelo método da ANOVA e pelos métodos de análise multivariada. O aumento na precisão em termos de predição do valor real dos indivíduos além de 95% implicará aumentar, sobremaneira, o número de medições, que, por sua vez, pouco acrescentará em termos de precisão, sendo, então, injustificado seu uso. PTP apresentou associações positivas com o DF, VCI e PF.This work had as aim to estimate the repeatability and correlation coefficients involving twelve characters of the bacurizeiro fruit: length of the fruit (CF, diameter of the fruit (DF, thickness of the rind (EC, weight of the rind (PC, weight of the seeds (PS, number of seeds (NS, volume of internal cavity (VCI, weight of the fruit (PF, total weight of pulp (PTP, percentages of rind (%C, seeds (%S and total pulp (%PTP. The estimates of the coefficients of repeatability of characteristics CF, DF, EC, PC, PS, VCI, PTP, %C and %PTP demonstrated high regularity in the individuals and four to twelve measurements are necessary to get predictions with around 95% of reliability. With exception of character EC, had not been observed great differences between the

  7. Control de Dysmicoccus brevipes (Hemiptera: Pseudococcidae, en el fruto de piña, San Carlos, Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandra Miranda Vindas

    2013-01-01

    Full Text Available Se evaluaron 6 productos para el control de Dysmicoccus brevipes en piña (Ananas comosus. El ensayo de laboratorio se realizó en el Laboratorio de Biocontroladores de la empresa BioEco Natural S.A., ubicada en Aguas Zarcas, San Carlos, mientras que los ensayos de campo se realizaron en una plantación comercial de piña, en Venecia de San Carlos. En el laboratorio se evaluó Beauveria bassiana (4,0 x 1010 esporas.g-1; Metarhizium anisopliae (1,0 x 1010 esporas.g-1; una mezcla de ambos hongos (0,5 g + 0,5 g.l-1 de agua destilada, de 4,0 x 1010 esporas.g-1 + 1,0 x 1010 esporas.g-1; un jabón líquido de sales potásicas, “Goyca”® (7 ml.l-1; el extracto botánico(Biorep® (mezcla de chile picante, ajo, cebolla, mostaza y gavilana (7 ml.l-1; y agua destilada como testigo. Los resultados más promisorios fueron con el extracto botánico y el jabón líqui do, los que causaron una mortalidad más rápida. Los tratamientos evaluados en la plantacióncomercial de piña, var. MD-2, fueron los mis mos, a excepción del testigo en donde se utilizó los productos utilizados de forma comercial en la finca: Diazinon® 60 EC (diazinon (0,5 ml.l-1 y Sevin® 80 WP (carbaril (1 kg.ha-1. El extrac to botánico resultó en la menor incidencia de cochinillas (X=6,4, < al testigo (X=10,8, < el Goyca® (X=13,7, < M. anisopliae (X=44,4, < B. bassiana (X=45,1, y frutos por efecto de los productos aplicados. El costo por hectárea fue similar entre tratamientos, aunque el menor fue el testigo (18.800 colones, y mayor en el extracto botánico (29.700 colones. Los resultados muestran como mejor opción el uso del jabón líquido para el control de D. brevipes.

  8. APLICACIONES FOLIARES DE NITRATO DE CALCIO EN LA MADURACIÓN Y DAÑOS POR FRÍO EN AGUACATE 'FUERTE'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Saucedo-Hernández

    2005-01-01

    Full Text Available Con la finalidad de estudiar el efecto del calcio sobre la poscosecha de frutos de aguacate, árboles del cv. 'Fuerte' se asperjaron con Ca(NO32 al 0, 0.3 y 0.5 %. Se realizaron seis aplicaciones precosecha a partir del 4 de mayo del 2001, la cosecha se realizó en enero del 2002, una vez cosechados los frutos se almacenaron a temperatura ambiente y a 5 °C por cinco semanas, realizando evaluaciones a las 0, 3 y 5 semanas. Los resultados obtenidos indicaron que existió un incremento en el contenido de calcio en cáscara y pulpa en los frutos de aguacate tratados con nitrato de calcio. Las aplicaciones precosecha de nitrato de calcio al 0.3 y 0.5 % mejoraron la firmeza y redujeron la pérdida de peso de los frutos siendo diferentes al testigo, así también diminuyó la producción de CO2, etileno y daños por frío.

  9. Estimativa de repetibilidade para caracteres de qualidade de frutos de laranjeira-doce

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jacson Rondinelli da Silva Negreiros

    2014-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar o coeficiente de repetibilidade de características de qualidade do fruto de laranjeira-doce (Citrus sinensis e o número mínimo de avaliações capaz de proporcionar níveis de certeza da predição do valor real dos genótipos. Foram avaliados, em cinco safras, 39 genótipos de laranjeira-doce, coletados em nove municípios do Estado do Acre. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com três repetições. Foram avaliados: massa média de frutos, rendimento de suco, espessura de casca, sólidos solúveis (SS, acidez total (AT, relação SS/AT e índice tecnológico. Para a estimativa dos coeficientes de repetibilidade, foram utilizados os métodos da análise de variância, dos componentes principais e da análise estrutural. Todos os caracteres avaliados mostraram variabilidade, exceto o rendimento de suco. Os caracteres avaliados mostraram padrão cíclico, o que foi mais bem captado pelas metodologias multivariadas de estimativa do coeficiente de repetibilidade. São necessárias 15 avaliações para determinar, com 90% de certeza, os caracteres espessura de casca e sólidos solúveis, e 11, 6, 3, 2 e 1 avaliações, respectivamente para massa média de fruto, acidez total, índice tecnológico, rendimento de suco e relação SS/AT.

  10. Sebestén y zumaque, dos frutos importados de Oriente durante la Edad Media

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    García Sánchez, Expiración

    2001-12-01

    Full Text Available This paper joins a number of historical pieces of information concerning two species of Asiatic origin, sebesten and sumac, whose fruits are mentioned among the goods brought to Barcelona from Syria during the fourteenth and fifteenth centuries. In the case of the sebesten, we are in front of a tree native to India (Cordia myxa L., whose edible fruits were employed to make a birdlime employed to catch birds. As for the sumach (Rhus coriaria L., the fruits of this shrub were used traditionally to tan the leather. The information here offered has been taken from Grecolatin, Andalusian and later authors.

    Se recogen en este trabajo una serie de datos históricos relativos a dos especies de origen asiático, el sebestén y el zumaque, cuyos frutos aparecen citados entre las mercaderías llegadas a Barcelona desde Siria a lo largo de los siglos XIV y XV. En el caso del sebestén, se trata de un árbol originario de la India (Cordia myxa L., cuyos frutos comestibles se utilizaban además para fabricar una especie de liga para cazar pájaros. En cuanto al zumaque (Rhus coriaria L., los frutos de este arbusto se utilizaban tradicionalmente para los curtidos del cuero. De ambas especies se ofrece toda la información histórica que ha sido posible reunir, tomada de los autores grecolatinos, andalusíes y otros posteriores.

  11. EFECTO DE DOS TIPOS DE FUNDAS SOBRE EL FRUTO DE BANANO (Musa AAA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas-Calvo

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue determinar el efecto de dos fundas en la protección del racimo de banano (Musa AAA . En dos épocas climáticas (adversa y favorable bajo condiciones del Ca ribe de Costa Ri ca se evaluaron dos fundas: 1- azul Sa nta Lucía (bifentrina 0,1%, polie tileno de 12,7 ¿ de grosor, con perforaciones de 4 mm y 86,4 cm de ancho y 2- transparente con aditivos para filtrar la luz ultravioleta e infrarroja (bifentrina 0,1%, 20,3 ¿ de grosor, con perforaciones de 4 mm y 88,9 cm de ancho. El peso del racimo así como el grosor y la longitud del fruto central de la fila externa en la segunda, cuarta y sexta mano no difirieron (P> 0,0556 entre ambas fundas. Tampoco hubo diferencias entre estas en la apa rie ncia del racimo (P>0,4699 ni en la firmeza de la cáscara en grado 1 de maduración (P= 0,6268. En las varia bles de medición del color del fruto solamente L* presentó un valor (56,48 más alto (P=0,0109 con la funda transparente fotosensible, mie ntras que las otras dos varia bles relacionadas (a* y b* no fueron diferentes (P>0,1011 entre las fundas. El incremento adicional de 7,6 ¿ en el grosor del polie tileno de la funda transparente con respecto a la azul Sa nta Lucía, no ocasionó un incremento productivo ni una mejor apa rie ncia del racimo de banano y sus frutos.

  12. VARIABILIDADE DE CARACTERíSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DE FRUTOS DE GERMOPLASMA DE BACURI DA REGIÃO MEIO-NORTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA VALDOMIRO AURÉLIO BARBOSA DE

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas e químicas de frutos de bacuri coletados de plantas matrizes de ocorrência na região Meio-Norte. As características analisadas foram: comprimento, largura e peso médio de fruto; peso médio de polpa; relação comprimento/largura, espessura de casca; percentagem de casca; percentagem de polpa; percentagem de sementes; número de sementes/fruto; número de secção partenocárpica/fruto; teor de sólidos solúveis totais; acidez total titulável e relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável. Os frutos foram coletados de 26 plantas matrizes de bacuri mapeadas em nove locais de coleta no Piauí e Maranhão. Efetuou-se a avaliação das características físicas e químicas no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Embrapa Meio-Norte, em Teresina-PI, utilizando-se de amostras de frutos de tamanho variável em função da disponibilidade de produção. Foi evidenciado o efeito significativo de local de coleta e de matrizes para todas as características estudadas, à exceção do número de secção partenocárpica/fruto para o qual não houve efeito de local de coleta. As características peso médio de fruto e peso médio de polpa; peso médio de fruto e largura de fruto; peso médio de polpa e largura de fruto; comprimento de fruto e espessura de casca; comprimento de fruto e percentagem de casca; espessura de casca e percentagem de casca, e peso médio de fruto e comprimento de fruto apresentaram altos valores de correlações fenotípicas (rP > ou = 0,85. Estimativas de repetibilidade, variando de 0,50 (percentagem de polpa a 0,98 (acidez total titulável, indicaram ampla variabilidade das características analisadas em relação ao efeito do ambiente permanente.

  13. Caracterización de la torta obtenida del prensado del fruto de Jatropha curcas

    OpenAIRE

    Rodríguez-Calle, Rosa M; Suárez-Hernández, J; Támbara-Hernández, Yanet

    2016-01-01

    Jatropha curcas posee un potencial considerable, que radica en su alto contenido de aceite para la producción de biodiesel. Se realizó un estudio con el objetivo de determinar algunos indicadores químicos de la torta obtenida del prensado del fruto de esta oleaginosa. Se obtuvieron los siguientes valores: humedad: 3,80 %; ceniza: 7,02 %; contenido de extractos en agua: 10,7 %; contenido de extractos en etanol: 6,3 %, lo que indicó que la cantidad de compuestos solubles en solventes polares fu...

  14. Características del fruto de cuatro pasifloras de la zona andina venezolana

    OpenAIRE

    Aular, Jesús; Rodríguez, Yesenia; Roa, Sara; Iade, Patricia; Antolínez, María

    2004-01-01

    En la zona andina de Venezuela existen especies del género Passiflora con elevado potencial agronómico. Con el objetivo de contribuir a su conocimiento, se estudiaron las características del fruto de P. ligularis Juss, P. mollisima HBK Bailey, P. mixta L. y P. quadrangularis L. colectadas en los estados Táchira, las tres primeras especies, y Mérida, la cuarta. Se empleó un diseño estadístico completamente al azar y se determinaron características físicas y químicas de la parte comestible del ...

  15. Aceites volátiles de hojas y frutos de Pimenta guatemalensis (Myrtaceae) de Costa Rica

    OpenAIRE

    Carlos Chaverri; José F. Cicció

    2015-01-01

    Pimenta es un género de plantas perteneciente a la familia Myrtaceae que contiene cerca de 15 especies, la mayoría ubicadas en las regiones del Caribe del Continente Americano, donde es utilizado con propósitos culinarios y medicinales. Las especies comerciales mejor conocidas son “pimienta de Jamaica” (P. dioica o P. officinalis) y “bay-rum” (P. racemosa) y existe muy poca información científica acerca de la especie P. guatemalensis. Cuando las hojas y frutos son triturados, desprenden un ar...

  16. Microrganismos associados a frutos de diferentes cultivares de noz Pecan Microorganisms associated with fruits of different cultivars of Pecan nut

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Izumi Terabe

    2008-04-01

    Full Text Available O conhecimento do comportamento natural da nogueira Pecan às principais doenças é de suma importância para o estabelecimento do planejamento da implantação da cultura. O controle fitossanitário e tratos culturais devem ser realizados de modo a não comprometerem a qualidade do produto final, as amêndoas. Foram avaliadas nozes produzidas na safra de 2005 e oriundas de Uraí-PR, pelas cultivares Burkett, Frotscher e Moneymaker, para identificar e quantificar os microrganismos associados à amêndoas e cascas dos frutos, bem como observar diferenças entre organismos colonizadores das cultivares. Os frutos foram avaliados na pós-colheita, aos trinta dias de armazenamento em ambiente, através da metodologia do papel de filtro, sendo submetidos ou não à assepsia superficial. O fungo Cladosporium caryigenum, promotor da rancificação das amêndoas foi observado, em amêndoas e cascas, nas cultivares Burkett, Frotscher e Moneymaker; Fusarium sp., foi encontrado em porcentuais elevados, tanto em amêndoas quanto em cascas das três cultivares estudadas; Cephalothecium roseum, causador do mofo róseo em amêndoas, na cultivar Frotscher. Aspergillus sp. e Penicillium sp., causadores de emboloramento e produtores de aflotoxinas foram observados em porcentuais representativos, em amêndoas da cultivar Frotscher e em amêndoas e cascas das cultivares Frotscher, Burkett e Moneymaker, respectivamente. Os maiores porcentuais de perda do rendimento foram observados na cultivar Burkett, por causa da incidência de Colletotrichum sp., causador da antracnose em amêndoas, que acarreta escurecimento e deterioração do produto final, levando-o ao descarte.The knowledgement of the natural behavior of the main diseases of Pecan nut is of utmost importance for the stablishment of an implantation plan for that culture. The phytosanitary control and cultural treatments should be performed in order not to change the quality of the final product. Nuts harvest

  17. Resíduos de agrotóxicos em frutos de tomate Pesticide residues in tomato fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leslie Maria Segura Zavatti

    1999-03-01

    Full Text Available O uso intensivo de agrotóxicos em culturas de tomates tem causado preocupações quanto à provável contaminação do produto final. Este trabalho teve como objetivo monitorar, por dois anos consecutivos, em quatro propriedades de uma área altamente tecnificada, o uso de agrotóxicos em tomate irrigado durante seu desenvolvimento, quantificar os resíduos dos principais princípios ativos utilizados, e avaliar o grau de contaminação dos frutos colhidos. Foram analisados metamidofós, clorpirifós, captan, clorotalonil, endosulfan, lambda-cialotrina, e cobre. Para avaliar o grau de contaminação dos frutos foi validado um método de análise de resíduos múltiplos capaz de quantificar esses compostos. Os resíduos encontrados foram de fungicidas e inseticidas aplicados nas fases de frutificação e maturação: captan, 0,35 mg/kg, na Fazenda 2; clorotalonil, 0,16 mg/kg e 0,95 mg/kg, nas Fazendas 1 e 2, respectivamente; lambda-cialotrina, 0,03 mg/kg, na Fazenda 2; cobre, 2,03 mg/kg, 3,75 mg/kg e 1,44mg/kg, nas Fazendas 1, 2 e 3, respectivamente, e 0,95 mg/kg, 1,70 mg/kg e 2,31 mg/kg, na Fazenda 4. Não ocorreram resíduos dos inseticidas organofosforados, aplicados principalmente durante o desenvolvimento vegetativo da cultura. Não houve contaminação dos tomates pelos agrotóxicos analisados. Os resíduos que devem ser monitorados são os dos agrotóxicos aplicados na fase de maturação da cultura.The intensive use of pesticide in tomato crops have been causing concern about a possible contamination of the final product. This work aimed at monitoring, for two years, in four farms located in a high technology area, the use of pesticides in irrigated tomato crops, quantifying the main active ingredient residues and evaluating the contamination level of the fruits. The components analised were: methamidophos, chlorpyrifos, captan, chlorothalonil, endosulfan, lambda-cyhalothrin and copper oxychloride. In order to evaluate the contamination

  18. Aplicação de danos mecânicos em abacates e seus efeitos na qualidade dos frutos Application of mechanical damages in avocados and their effects to the quality of the fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Sanches

    2008-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito da aplicação de danos mecânicos por impacto, compressão e corte em abacates 'Geada'. O trabalho consistiu em duas etapas: na primeira, o impacto foi aplicado deixando-se os frutos caírem, em queda livre, de 1,5 m a 3,0 m, com intervalo de 0,5 m; na compressão, os frutos sofreram a ação dos pesos: 6 kg por 12 horas e 12 kg por 6 horas. Para os cortes, foram realizados quatro cortes com 80 mm de comprimento e 4 mm de profundidade. Na segunda etapa, para a compressão, utilizou-se peso de 12 kg por tempo maior (24 h. No impacto, foi aplicada queda de 2,0 m, e os cortes, realizados da mesma maneira que na primeira etapa. Os efeitos de cada dano foram avaliados nos frutos armazenados sob condição ambiente quanto à coloração, perda de massa fresca e teores de sólidos solúveis e de acidez titulável. Queda de alturas maiores que 2,0 m levaram os frutos a rachaduras. Até 2,0 m de altura, formaram-se fissuras ao redor do caroço, que foram preenchidas por filamentos de aspecto duro e não se tornou visível externamente. O abacate não se mostrou suscetível à aplicação das compressões 6 kg/12 h e 12 kg/6 h, mas o tratamento 12 kg/24 h fez com que a casca apresentasse coloração verde mais escura durante três dias. Os cortes provocaram cicatrizes na casca.The objective of this work was to evaluate the effect of mechanical damages application in 'Geada' avocado fruit by impact, compression, and cut. This work was carried out in two stages: first, the impact test was applied by free fall of the fruits, from 1.5 m to 3.0 m, with steps of 0.5 m. For the compression tests, fruits were loaded using blocks of two different weights: 6 kg for 12 h and 12 kg for 6 h. Four cuts of 80 mm, in length and 4 mm, in depth were performed for the cut tests; second, for the compression tests was used blocks of 12 kg for longer time than the first one (24 h. In the impact test it was applied a 2.0 m free

  19. Caracterização morfocultural e infecção cruzada de Colletotrichum gloeosporioides agente causal da antracnose de frutos e hortaliças em pós-colheita / Morfocultural characterization and cross infection Colletotrichum gloeosporioides causes anthracnose in fruits and vegetables post-harvested

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimar Pereira Bonett

    2010-12-01

    Full Text Available O fungo Colletotrichum gloeosporioides infecta uma grande variedade de plantas em regiões tropicais, subtropicais e temperadas ocasionando consideráveis perdas econômicas em doenças pré e pós-colheita. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a morfologia e a infecção cruzada de isolados de Colletotrichum gloeosporioides obtidos de frutos e hortaliças em pós-colheita. Os isolados foram obtidos de lesões de frutos com sintomas de antracnose e cultivados em meio de cultivo BDA, sendo a avaliação do crescimento micelial realizada por meio de duas leituras diárias do diâmetro das colônias pelo período de quatorze dias e a caracterização morfológica das colônias realizada no final deste período. Para a realização do experimento, utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualisado com três repetições por tratamento. Para o experimento da infecção cruzada foram realizados dois ferimentos em frutos sadios nos quais foram depositados blocos de meio de cultura com 6 mm2 contendo os isolados. O delineamento experimental foi em esquema fatorial de 8 x 8, com quatro repetições. As médias de ambos os experimentos foram analisadas por meio do teste de Scott-Knott com 5% de probabilidade. A maioria dos isolados de C. gloeosporioides possuem grande potencial de infecção cruzada, já que foram capazes de causar lesões em frutos de mamão, manga, abacate, chuchu, jiló, pimentão verde e pimenta. Os isolados de frutos de mamão e abacate apresentaram o maior índice de crescimento micelial e os isolados provenientes do chuchu apresentaram o menor. Quanto ao desenvolvimento de lesões, o mamão apresentou-se mais suscetível, com lesões maiores, enquanto que a pimenta cambuci demonstrou-se a mais resistente, apresentando as menores lesões.

  20. Características produtivas, físicas e químicas de frutos de cultivares de pessegueiros sobre dois porta-enxertos no oeste do Estado de São Paulo Produtive and physical-chemical characteristics of peach cultivar fruits on two rootstocks on the western of São Paulo state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Nalesso Marangoni Montes

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar as características físicas e químicas de seis cultivares de pessegueiros sobre os porta-enxertos Okinawa e Umê. O trabalho foi desenvolvido no Pólo Regional Alta Sorocabana-APTA, Presidente Prudente-SP, em 2004/2006. Foram avaliados a massa, comprimento, diâmetros sutural dos frutos, produção por planta, teor de sólidos solúveis (SS e acidez titulável (AT. As avaliações permitiram concluir que os porta-enxertos influenciaram na massa dos frutos, tendo sobressaído o Umê, com frutos de maior massa média. Em 2006, ocorreu aumento significativo na produtividade de todas as cultivares, sobressaindo-se as cvs. Talismã e Doçura 2, com valores acima da média. A cv. Doçura 2 sobre 'Okinawa' destacou-se por reunir melhores características físicas dos frutos e produção por planta. As cvs. Talismã e Dourado 2 produziram frutos com maiores valores de massa, comprimento e diâmetro sutural, sobre os porta-enxertos 'Okinawa' e Umê. A cv. Tropical destacou-se pelos atributos de qualidade, independentemente do porta-enxerto.The objective of the study was to evaluate the physical-chemical characteristics of six peach cultivars over the Okinawa and Umê rootstocks. The experiment was carried out at Polo Regional Alta Sorocabana-APTA, in Presidente Prudente, SP. The parameters evaluated were fruit mass,length, sutural diameter, yield per plant, soluble solids content and titratable acidity. The evaluations allowed to conclude that the rootstocks affected the mass of fruits, and Umê showed bigger average mass. In 2006, the results showed a significative increment of yield in all cultivars, and Doçura 2 cultivar when compared to Umê showed values above the average. Doçura 2 cultivar when compared to Okinawa root-stock was distinguished by congregating better fruit physical characteristics and yield per plant. Talismã and Dourado 2 cultivars showed fruits with bigger mass, length and sutural diameter of fruits

  1. Variabilidade e caracterização de frutos de pitangueiras em municípios baianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Batista Dias

    2011-12-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo obter informações sobre as características morfológicas dos frutos das pitangueiras localizadas em cinco municípios do Estado da Bahia. Os genótipos foram identificados, georreferenciados com o auxílio de GPS e de cada genótipo foram coletados 30 frutos no estádio de maturação fisiológica, avaliando-se: massa, comprimento e diâmetro do fruto, massas da polpa e das sementes, pH, acidez titulável, teor de sólidos solúveis e relação SS/AT. Os dados foram submetidos à análise descritiva, obtendo-se medidas de centralidade e de dispersão, correlação linear entre os caracteres e análise multivariada de agrupamento. Os resultados revelaram a existência de variabilidade para a maioria das características avaliadas, em especial para a massa do fruto, da semente e da polpa. Houve a formação de cinco grupos principais de dissimilaridade genética para a população geral, sendo a menor distância genética (0,22 verificada entre os genótipos IN3 e IN8 provenientes do município de Inhambupe. Os genótipos apresentam frutos com características de interesse para exploração comercial com porcentagem de polpa acima de 68%, sendo possível a identificação de materiais que reúnem altos valores para massa do fruto, massa da polpa, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT e SS/AT.

  2. Estratégia para uniformização da maturação de frutos do cafeeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santinato

    2017-12-01

    Full Text Available A desuniformidade de maturação do cafeeiro é um dos principais problemas para realização eficiente da colheita mecanizada. Isto pois, dependendo do sistema de colheita adotado, eleva a quantidade de frutos verdes colhidos ou a quantidade de frutos secos caídos naturalmente. Uma das estratégias para driblar esta dificuldade é a utilização de “maturadores” capazes de retardar ou acelerar o processo do amadurecimento, visando maior uniformidade na maturação dos frutos. O presente estudo objetivou determinar a correta forma de utilização do retardador da biossíntese do etileno, quanto à dose e ao modo de aplicação, avaliando a uniformidade da maturação dos frutos, a eficiência de colheita e a quantidade de frutos no estádio cereja colhidos. Os tratamentos foram dispostos no esquema fatorial 3 x 2 + 1, delineados em blocos casualisados, com quatro repetições. Os tratamentos foram três modos de aplicação do produto Mathury® (planta inteira, 50% e 30% da parte superior da planta, duas doses (10,0 e 5,0 L ha-1, além de uma testemunha em que não aplicou-se o produto. O retardador deve ser aplicado em toda a planta, na dose de 5,0 L ha-1,pois eleva a porcentagem de frutos cereja na planta e colhidos, e a eficiência de colheita.

  3. Produtividade e qualidade do melão cantaloupe, cultivado em ambiente protegido, variando o número e a posição dos frutos na planta Fruit yield and quality of cantaloupe melon, under greenhouse conditions, as affected by number of fruits and position in the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Cleiton Fernandes de Queiroga

    2008-12-01

    Full Text Available Os frutos do meloeiro são considerados fortes drenos que alteram a distribuição de fotoassimilados entre os órgãos da planta. Objetivou-se nesse trabalho determinar a produção e a qualidade de frutos de meloeiro em ambiente protegido em função do número e da posição de fixação dos frutos na planta. O experimento foi desenvolvido em fatorial 2 x 2 em blocos ao acaso, com cinco repetições, provenientes da combinação de número de frutos por planta (1 e 2 e posição de fixação dos frutos na planta (entre 5.º e 8.° nós e entre 15.° e 18.° nós. O melão cultivar 'Torreon', do grupo Cantalupensis, foi plantado em vasos de 11,5 dm³ contendo como substrato apenas fibra de coco adubada com macro e micronutrientes. Comparado a plantas com dois frutos, nas plantas com apenas um fruto ocorreram os maiores valores de: massa dos frutos (MF, reticulação da casca (RC, comprimento, índice de formato, espessura da polpa, índice de maturação (IM, sólidos solúveis (SS, açúcares solúveis totais, açúcares não redutores. Em plantas com apenas um fruto, ocorreu redução na produtividade comercial (PC de 21,4% em frutos fixados especificamente entre o 5.° e 8.° nós e 24,9% em frutos do 15.° e 18.° nós comparada a plantas com dois frutos. Em frutos fixados na posição do 15.° e 18.° nós ocorreram maiores MF, IM, PC e ciclo da cultura, bem como, menores RC e acidez total titulável. Foram obtidas correlações significativas para área foliar por fruto (AF x MF de 0,81, AF x SS de 0,79, MF x SS de 0,68, MF x RC de 0,72 e RC x SS de 0,51.Muskmelon fruits are strong sink affecting assimilate distribution among the plant organs. This experiment aimed at to determine yield and quality of 'Torreon' cultivar in greenhouse conditions as affected by fruit number and position in the plant. A 2 x 2 factorial was set in randomized block design, with five replications. Treatments combined fruit number per plant (1 and 2 and

  4. Qualidade pós-colheita de frutos e do fermentado alcoólico de amora preta

    OpenAIRE

    Pires, Caroline Roberta Freitas

    2013-01-01

    A amora tem despertado grande atenção do mercado mundial atual, o que tem sido atribuído, principalmente, à presença de compostos bioativos, tais como os compostos fenólicos, que atuam como potentes antioxidantes. No entanto, observa-se que este fruto apresenta uma vida pós-colheita restrita, devido, principalmente, à sua fragilidade e à acentuada perda de massa após a colheita. Diversas alternativas vêm sendo estabelecidas, visando reduzir as perdas destes frutos. Dentre estas, destacam-se o...

  5. Calidad en frutos de tomate (Solanum lycopersicum L.) cosechados en diferentes estados de madurez

    OpenAIRE

    Casierra-Posada Fánor; Aguilar Avendaño Óscar

    2008-01-01

    El tomate es una de las hortalizas de más alto volumen de consumo en fresco; sus pérdidas en la comercialización suelen comenzar en la cosecha y van hasta la poscosecha a través del manejo. El experimento se realizó en Tunja (Colombia) con el objetivo de evaluar cambios en la calidad en frutos de tomate, dependientes de los diferentes estados de madurez en que fueron cosechados. Los frutos se seleccionaron de acuerdo con su porcentaje de coloración verde y roja. Los h...

  6. Amarre, rendimiento y calidad del fruto en naranja con aplicación de un complejo hormonal

    OpenAIRE

    Galván-Luna, Juan José; Briones-Encinia, Florencio; Rivera-Ortiz, Patricio; Valdes-Aguilar, Luis Alonso; Soto-Hernández, Marcos; Rodríguez-Alcázar, Jorge; Salazar-Salazar, Ovidio

    2009-01-01

    En cítricos el uso de reguladores de crecimiento incrementa el amarre de frutos y en consecuencia la productividad. El objetivo del presente trabajo fue determinar el efecto de un complejo hormonal de origen natural (auxinas, giberelinas y citocininas) en el amarre, rendimiento y calidad del fruto en naranja (Citrus sinensis (L.) Osb) del grupo navel cvs. "Washington" y "Thomson", en árboles de 15 años de edad. El estudio se realizó en el municipio de Ciudad Victoria, Tamaulipas, México duran...

  7. Caracterização dos frutos de maracujá amarelo irrigados com água salina Characterization of fruits of yellow passion fruit irrigated with saline water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José R.M. Costa

    2001-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de se caracterizar frutos de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg irrigados com água salina, desenvolveu-se um experimento em Santa Cruz, RN, zona semi-árida do Brasil, cujos tratamentos foram distribuídos em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial 5 x 2, correspondente ao sem revestimento (R0 e com revestimento das faces (R1; R2; R3; R4; respectivamente uma, duas, três e quatro faces irrigadas diariamente com volumes de 5 e 10 L de água. A salinidade da água, superior a 3,0 dS m-1, não interferiu sobre a qualidade externa nem interna dos frutos. O aumento do volume de água resultou em maior massa média dos frutos. A proteção das covas não influenciou o comprimento, diâmetro e número de sementes por fruto nem a espessura da casca, rendimento em polpa, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e teores de vitamina C total.With the purpose of characterizing fruits of yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg in plants irrigated with saline water, an experiment was conducted at Santa Cruz, RN, in the semi-arid zone of Brazil. The treatments were distribuited in randomized blocks, with four repetitions, using factorial design 5 x 2 corresponding the planting pits without coating (R0 and with side coatings (R1; R2; R3; R4; respectively one, two, three and four lateral sides, irrigated daily with volumes of 5 and 10 L of water. The water salinity higher then 3.0 dS m-1 did not show effect on the external and internal quality of the fruits. The increase of the volume of water resulted in larger mean weight of the fruits. The protection of the planting pits did not influence the length, diameter or number of seeds for fruit and neither the peel thickness, pulp percentage, total soluble solids, total titratable acidity or total vitamin C contents.

  8. Qualidade industrial e maturação de frutos de laranjeira "valência" sobre seis porta-enxertos Industrial quality and maturation of fruits of 'valência' sweet orange trees on six rootstocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Antonio Martins Auler

    2009-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a influência de seis porta-enxertos sobre a maturação e as características físico-químicas de frutos de laranjeira 'Valência', instalou-se um experimento em janeiro de 1994, no município de Nova Esperança-PR. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições, três plantas úteis por parcela e seis tratamentos, constituídos pelos porta-enxertos: limoeiro 'Cravo' (Citrus limonia, tangerineiras 'Cleópatra' (C. reshni e 'Sunki' (C. sunki, citrangeiro 'Troyer' (Poncirus trifoliata x C. sinensis, tangeleiro 'orlando' (C. tangerina x C. paradisi e laranjeira 'Caipira'(C. sinensis. Avaliou-se a qualidade dos frutos em sete safras e a curva de maturação foi estimada para os anos de 1999 e 2000. Todos os porta-enxertos proporcionaram qualidade aceitável aos frutos da laranjeira 'Valência', com destaque para o citrangeiro 'Troyer' que superou o limoeiro 'Cravo' em rendimento industrial. Em um ano considerado com padrão climático normal, a evolução do índice tecnológico ajustou-se a uma equação de regressão quadrática, proporcionando melhor rendimento industrial quando os frutos foram colhidos no início de novembro, independentemente do porta-enxerto utilizado.In order to evaluate the influence of six rootstocks on the maturation and the physical characteristics and chemical composition of 'Valência' fruits, a research was conducted in a field established in 1994, in Nova Esperança city, state of Paraná, Brazil. A complete randomized block design was used, with four replications, three evaluated trees per plot and six treatments, constituted by the rootstocks: 'Rangpur' lime (Citrus limonia, 'Cleopatra' (C. reshni and 'Sunki' (C. sunki mandarins, 'Troyer' citrange (Poncirus trifoliata x C. sinensis, 'orlando' tangelo (C. tangerina x C. paradisi and 'Caipira' sweet orange (C. sinensis. Fruit quality was evaluated along seven harvesting seasons and the maturation curve was

  9. INFLUENCIA DEL CLIMA, HUMEDAD DEL SUELO Y ÉPOCA DE FLORACIÓN SOBRE LA BIOMASA Y COMPOSICIÓN NUTRIMENTAL DE FRUTOS DE AGUACATE "HASS" EN MICHOACÁN, MÉXICO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Samuel Salazar-García

    2011-01-01

    Full Text Available El amplio periodo de cosecha del aguacate "Hass" en Michoacán se debe a la diversidad de condiciones de cultivo y a la ocurrencia de múltiples flujos vegetativos que resultan en varios flujos de floración y épocas de cosecha. El objetivo de este estudio fue evaluar la influencia de tres condiciones climáticas (semicálido subhúmedo, semicálido húmedo y templado subhúmedo, el régimen de humedad del suelo (con y sin riego y la época de floración ("loca": agosto-septiembre, "normal": diciembre-febrero, y "marceña": febrero-marzo, sobre la biomasa de diferentes partes del fruto y su composición nutrimental. Se seleccionaron seis árboles en cada uno de seis huertos comerciales y de cada árbol se tomaron 10 frutos (¿ 21.5 % materia seca de la pulpa por época de floración. Los frutos fueron seprados en epidermis, pulpa, testa y embrión. A cada parte se le determinó peso fresco (PF, peso seco (PS, materia seca (MS y composición nutrimental. A diferencia del clima y régimen de humedad del suelo, la época de floración afectó el PF, PS y MS de las partes del fruto,así como su composición nutrimental, especialmente K, Ca, Mg, S, Fe, Cu, Mn, Zn y B. En el clima templado subhúmedo se tuvieron los mayores contenidos de N y Mn en epidermis; N, P, K, Ca y Mg en pulpa; Mg, S, Cu y Mn en testa, y B en testa y embrión. Los huertos sin riego mostraron concentraciones más altas de Ca, S y Cu en epidermis; P, K, Mn, Ca y Cu en pulpa; K, Mn y Cu en testa, y de P, K, Mn en embrión

  10. Visitantes florais e produção de frutos em cultura de laranja ( Citrus sinensis L. Osbeck = Floral visitors and fruit production on sweet orange crop ( Citrus sinensis L. Osbeck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lourdes Maria Gamito

    2006-10-01

    Full Text Available O presente experimento foi realizado em florada de laranja (Citrus sinensis L. Osbeck, variedade Pera-Rio, com os objetivos de estudar os insetos visitantes nas flores d e laranjeira, o seu comportamento nas flores, o tipo de coleta efetuada e o efeito dessas visitas na produção de frutos, em quantidade e qualidade. Os dados de freqüência foram obtidos por contagem nos primeiros 10 minutos de cada horário, das 8h às 18h, em três dias distintos, percorrendo-se as linhas da cultura. O comportamento forrageiro de cada espécie de inseto foi avaliado através de observações visuais, no decorrer do dia, no período experimental. Os insetos observados foram abelhas africanizadas Apis mellifera, Trigona spinipes e Tetragonisca angustula. As abelhas A. mellifera foram os visitantes florais maisfreqüentes e preferiram coletar néctar comparado ao pólen. Os botões florais descobertos produziram mais frutos que os botões florais cobertos. Os frutos decorrentes do tratamento coberto foram menores, mais ácidos e com menor quantidade de vitamina C que os frutos do tratamento descoberto. The present experiment was carried out in flowerage of sweet orange(Citrus sinensis L. Osbeck, Pera-rio variety, to study the insects involv ed in pollination, their behaviour in the flower (nectar or pollen collection and the effect of the pollination on fruit production (quantity and quality. More frequent insects were recorded daily (counted during ten minutes, every hour from 8:00 a.m. to 6:00 p.m., with three replications. The forage behaviour and nectar and/or pollen collect was also observed. The insect visitors onflowers were Africanized honey bee Apis mellifera, followed by stingless bees Trigona spinipes and Tetragonisca angustula. A. mellifera were the most frequent visitors and preferred to collectnectar than pollen. The uncovered flowers -buds produced more fruits than the covered ones. Another observation was that fruits derived from covered

  11. Efeito da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino na semente armazenada Effect of fruit age and post-harvest period of cucumber on stored seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio José Barbedo

    1999-05-01

    Full Text Available Para avaliar os efeitos da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino (Cucumis sativus L. de duas cultivares, Pérola (espinhos escuros e Rubi (espinhos claros, sobre as alterações na qualidade fisiológica das sementes durante o armazenamento, conduziu-se um experimento em Botucatu, SP e Bandeirantes, PR, durante quatro anos. Os frutos foram colhidos desde os 15 ('Rubi' ou 20 ('Pérola' dias até 45 dias após a antese, permanecendo em repouso pós-colheita por 0, 5, 10 e 15 dias, antes da extração das sementes. Antes e após dois e três anos de armazenamento (sacos de papel em ambiente de laboratório, foram retiradas amostras para avaliação do potencial germinativo e do vigor. Os resultados revelaram que sementes imaturas, retiradas de frutos colhidos precocemente (até 30 dias após a antese e sem repouso pós-colheita, perderam totalmente a capacidade germinativa no segundo ano de armazenamento. Sementes que apresentavam valores iniciais de germinação mais elevados, as colhidas de frutos maduros (com ou sem repouso pós-colheita ou de imaturos (30 e 35 dias de idade com 10 a 15 dias de repouso pós-colheita, mantiveram valores acima de 70% após três anos de armazenamento.Seeds from two cucumber (Cucumis sativus L. cultivars, Pérola and Rubi, were evaluated in relation to physiological quality to verify the effects of age and postharvest period of fruits on seed storage potential. Fruits were harvested from 15 ('Rubi' or 20 ('Pérola' to 45 days after flowering and mantained in postharvest for 0, 5, 10, and 15 days before seeds extraction, at room conditions. Seeds were dried and stored in paper bags at room conditions for two and three years. Before and after the storage periods, samples were taken to germination and vigour tests. Results showed that immature seeds (extracted from immature fruits - 30 days after flowering without post-harvest period, did not germinate at second year. However, seeds with high

  12. Evaluation of a Non-Destructive Impact Sensor to Determine On-Line Fruit Firmness Evaluación de un Sensor de Impacto No-Destructivo para la Determinación de la Firmeza de Frutos en Líneas de Manipulación

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ian Homer

    2010-03-01

    velocidad de siete frutos por segundo (0,63 m s-1. Este sistema permite la clasificación de la fruta en tres niveles de firmeza, mediante un software especifico. Se obtuvo buena discriminación sólo de duraznos blandos con respecto al resto. Se encontraron variaciones entre diferentes frutos y diferentes partes del mismo fruto, debido mayormente a la diferencia de forma y a la poca uniformidad de la madurez en cada uno de los frutos.

  13. Morfologia do fruto, da semente e morfo-anatomia da plântula de Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae Fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings of Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luiz Cosmo

    2009-06-01

    Full Text Available Vitex megapotamica (tarumã é espécie arbórea, decídua, com ocorrência, no Brasil, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Visando à caracterização morfológica do fruto, da semente e morfo-anatômica da plântula, frutos desta espécie foram coletados e as sementes postas para germinar em laboratório. As plântulas foram coletadas desde a protrusão da raiz até o desenvolvimento do primeiro par de eofilo. Foram realizadas medições e pesagem de frutos, e contagem do número de sementes por frutos. As características morfológicas do fruto e da semente são aqui descritas e ilustradas, assim como a morfo-anatomia da plântula. O fruto é drupóide, nuculânio, tetralocular, contendo apenas uma ou duas sementes com fina camada de endosperma e embrião axial, foliáceo. O diásporo (pirênio é constituído pelo endocarpo mais a semente. O endocarpo lenhoso parece exercer restrição sobre a germinação das sementes desta espécie. A plântula é epigea, fanerocotiledonar, com paracotilédones elípticos, com margem inteira, e eofilos opostos, simples, elípticos, com margem serreada, apresentando tricomas tectores. Tanto o paracotilédone quanto o eofilo apresentam mesofilo heterogêneo, dorsiventral, feixe colateral em forma de arco e estômatos anomocíticos. A raiz é poliarca, com córtex parênquimático; o hipocótilo possui tricomas glandulares e não-glandulares, colo distinto, e com cerca de 20 dias encontra-se em início de crescimento secundário. Diversas das características da plântula de Vitex megapotamica estão relacionadas à sua condição de espécie heliófila.Vitex Megapotamica (tarumã is a deciduous tree occurring in Brazil from Minas Gerais to Rio Grande do Sul States. In order to characterize fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings, fruits of this species were collected and seeds were germinated in the laboratory. Seedlings were collected from root protrusion to development of the

  14. Crecimiento físico y anatómico del fruto de arazá (Eugenia stipitata Me Vaugh Physieal and anatomieal growth of araza fruit (Eugenia stipitata Me Vaugh

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernández G. María S.

    2002-08-01

    Full Text Available En el Municipio El Doncello, Departamento del Caquetá, en el huerto comercial de la Finca 'Copoazú' se realizó el estudio de los cambios ocurridos durante el desarrollo del fruto de arazá, desde el cuajamiento hasta la madurez de consumo. Las condiciones climáticas promedio de la zona son temperatura 25°C, humedad relativa del 85%, precipitación anual 3600 mm y brillo solar 1500 horas/año. Se evaluaron cambios físicos de diámetros longitudinal y transversal, peso fresco y seco, firmeza, así como también cambios anatómicos. Se encontró que el período transcurrido entre el cuajamiento y la
    madurez comercial del fruto de arazá es de 55 ± 5 días. Se identificaron 3 etapas de crecimiento, la primera de división celular, la segunda de máximo crecimiento, la cual corresponde a la expansión celular y una etapa final de estabilización del crecimiento. El tejido principal del fruto de arazá es el parénquima, cuyas células son inicialmente pequeñas, de paredes gruesas y de tamaño uniforme. En la última etapa del crecimiento dichas células aumentan de tamaño y presentan formas irregulares, con paredes adelgazadas, que se rompen durante la senescencia. El epicarpio del fruto de araza es monoestratificado, con una delgada capa de cera discontinua; en él se pueden identificar estomas cuyo número promedio es de 0.3 estomasxmm'. Su tamaño y apariencia permiten inferir que no son funcionales en la etapa de maduración del fruto, pero no se descarta que puedan contribuir de manera parcial a su transpiración. La pérdida de firmeza del fruto durante la maduración puede
    estar causada por la ausencia de tejido de sostén.
    The changes that take place during the development of the
    fruit of arazá were studied from the anthesis to ripening. It was registered and analyzed the longitudinal and transverse diameters, fresh and dried weight, firmness, and anatomical, modifications. lt was found that 55 ± 5 days

  15. Biométria de frutos e sementes de Luetzelburgia auriculata (Allemão Ducke

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Ferreira Barroso

    2016-12-01

    Full Text Available A Caatinga apresenta uma grande diversidade de espécies vegetais, dentre elas Luetzelburgia auriculata é uma das espécies predominantes no bioma, desempenhando papel fundamental para o ecossistema local. Este trabalho objetivou descrever as características biométricas de frutos e sementes de Luetzelburgia auriculata.  Para a descrição das características da semente foram coletados 200 frutos e 200 sementes de plantas nativas do município de Santa Helena, Paraíba. As amostras foram encaminhadas ao Laboratório de Nutrição Mineral de Plantas do Centro de Saúde e Tecnologia Rural de Universidade Federal de Campina Grande para a realização das devidas aferições biométricas. Os frutos foram analisado pelo comprimento, espessura superior, mediana e inferior; largura superior, mediana e inferior. Para as sementes, foram analisados comprimento, espessura e a largura. Verificou-se que o comprimento dos frutos variou de 50,7 a 98,2 cm, a espessura de 6,00 a 17 mm e largura variando de 12,4 a 21,8 mm. Em relação às sementes, 46% se enquadraram na classe de comprimento com intervalo de 19,9 a 20,8 mm. A espécie Luetzelburgia auriculata apresentam variabilidade nas características biométricas de frutos e sementesBiometrics of fruit and seeds of Luetzelburgia auriculata (Allemão DuckeAbstract: The Caatinga presents a great diversity of plant species, among them the woodpecker (Luetzelburgia auriculata (Allemao Ducke. is one of the predominant species in the biome, playing a fundament al role for the local ecosystem. This work aimed to describe the biometric characteristics of fruits and seeds of Pau de Pedra. For the description of the characteristics of the Luetzelburgia auriculata (Allemão Ducke seed, 200 fruits and 200 seeds of native plants of the municipality of Santa Helena, Paraíba state were collected for biometry and seed mass. Afterwards they were packed in plastic bags and properly identified and taken to Laboratório de

  16. Estudo anatômico do crescimento do fruto em Acca sellowiana Berg. Anatomic study of Acca sellowiana Berg. fruit growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Esemann-Quadros

    2008-06-01

    Full Text Available A Acca sellowiana Berg. (Myrtaceae é uma frutífera nativa dos planaltos meridionais do Sul do Brasil e que se encontra em processo de domesticação. Seus frutos são doce-acidulados e podem ser consumidos in natura ou empregados para a produção de sucos e doces. Assim, informações sobre o desenvolvimento, morfologia e anatomia de seus frutos são de grande interesse e foram objetos do presente trabalho. O fruto (ovário mais hipanto, no tempo zero (plena floração, tem, em média, 0,6 cm de altura e 0,4 cm de diâmetro, sendo cerca de dez vezes menor que o fruto maduro. Longitudinalmente, identificam-se três regiões distintas: locular, sublocular e prolongamento. Transversalmente, na região mediana, estão delimitadas três regiões: 1 epiderme (casca: com tricomas unicelulares e simples; 2 região parenquimática: rica em braquiesclereídes, isoladas ou em pequenos grupos (2-3 células, com oito feixes vasculares concêntricos perifloemáticos distribuídos radialmente e muitas glândulas esféricas subepidérmicas; 3 região interna (polpa: com células pequenas, cúbicas, nitidamente dispostas em 3-4 camadas ao redor dos lóculos, várias contendo drusa. Quatro lóculos são separados pelos septos e vários óvulos nascem de placentas axiais, com duas fileiras por lóculo. Não ocorrem nectários. À medida que o fruto se desenvolve, surgem, na região intermediária, grupos de células de paredes finas, que crescem muito e diferenciam-se em braquiesclereídes. As placentas crescem, ocupando todo o espaço interior dos lóculos à medida que estes aumentam de tamanho e as sementes se desenvolvem. Assim, o fruto maduro apresenta uma região periférica de consistência firme e gosto adstringente, e uma região central macia e adocicada.Acca sellowiana Berg. (Myrtaceae is a fruit-bearing treelet or shrub native from the highlands of South Brazil. The plant is currently in the domestication process. Its fruit is sweet-acidified and

  17. Diversidad de frutos que consumen tres especies de murciélagos (Chiroptera: Phyllostomidae en la selva lacandona, Chiapas, México Diversity of fruits consumed by three species of bats (Chiroptera:Phyllostomidae in the Lacandona rainforest, Chiapas, Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alinka Olea-Wagner

    2007-06-01

    Full Text Available Este estudio amplía el conocimiento de los hábitos alimentarios de 3 especies de murciélagos frugívoros como dispersores de semillas en 2 localidades de la selva alta perennifolia en la zona sur de la Reserva de la Biosfera de Montes Azules (REBIMA, y dentro del Ejido Playón de la Gloria (PDLG. Se estimó la abundancia relativa de Artibeus lituratus, Carollia perspicillata y Sturnira lilium, así como la diversidad y categoría sucesional de los frutos que consumen estas 3 especies en ambas localidades, mediante la identificación de semillas en las excretas. La división de especies vegetales por categoría sucesional mostró que A. lituratus y C. perspicillata consumen frutos tanto de especies pioneras como de especies persistentes, mientras que S. lilium únicamente se alimenta de especies pioneras. Durante la época seca A. lituratus y C. perspicillata presentaron una mayor diversidad y riqueza de especies consumidas dentro de la REBIMA, en tanto que en la época de lluvia mostraron mayor diversidad y riqueza dentro de PDLG; es decir, la diversidad de semillas colectadas por ambos dispersores responde a la época anual. S. lilium presentó mayor riqueza y diversidad dentro de PDLG a lo largo del muestreo indicando preferencia por frutos establecidos en estadios tempranos en la sucesión vegetal.This study examined the feeding habits of three species of frugivorous bats in relation to their role as seed dispersers in two localities, one in a Neotropical rainforest area in the southern part of the Montes Azules Biosphere Reserve (REBIMA, and the other in Ejido Playón de la Gloria (PDLG. We estimated the relative abundance of Artibeus lituratus, Carollia perspicillata and Sturnira lilium. We determined the diversity and the successional category of fruits consumed by these species in both localities through the identification of seeds in their feces. The plant species diversity based on successional category showed that A. lituratus and C

  18. Determinação da maturidade fisiológica de frutos de maracujazeiro amarelo colhidos na região norte do estado do Rio de Janeiro, Brasil Determination of the physiologic maturity on yellow passion-fruit harvested in north of Rio de Janeiro State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Vianna-Silva

    2010-03-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo determinar o ponto de maturidade fisiológica dos frutos de maracujazeiro amarelo produzidos na região Norte Fluminense, na tentativa de se antecipar o ponto de colheita dos frutos, visando a qualidade e o aumento da vida de prateleira dos mesmos. Os frutos foram colhidos em três períodos diferentes. A colheita 1 foi realizada aos 45 dias após a antese (daa; a colheita 2 aos 54 daa e a colheita 3 aos 63 daa. Após cada colheita os frutos foram lavados, secos e divididos em dois lotes para avaliação. O primeiro lote foi avaliado imediatamente após a colheita, e o segundo foi armazenado em câmara (23 ± 3ºC e 85 ± 8% UR. Os frutos foram analisados periodicamente a cada 3 dias, quanto aos seguintes atributos de qualidade: coloração e espessura da casca, rendimento de suco e teores de sólidos solúveis (SS e acidez titulável (AT. Os resultados indicaram que o tempo de desenvolvimento do fruto de maracujazeiro amarelo, dentro do período de 45 a 63 daa, influenciou na qualidade do fruto colhido na região. Para as condições deste trabalho, o ponto ideal de colheita foi aos 63 daa, podendo, também, ser colhido a partir do 54º daa, porém, com perda de cerca de 21,0 % no rendimento de suco. Verificou-se, também, que durante a fase de amadurecimento, a manutenção dos frutos na planta retarda a evolução da coloração, bem como, a redução na espessura da casca do fruto, em comparação ao colhido e armazenado.This work aimed to determine the physiologic maturity of yellow passion-fruit produced in North Fluminense, with the aim of advancing the point of fruit harvest and improving the quality and shelf life the fruit. The fruit were harvested in three different periods. Harvest 1 occurred during the 45 days after anthesis (daa; harvest 2 from 54 daa and harvest 3 from 63 daa. After each harvest, the fruit were washed, dried and separated in two groups for evaluation. The first group was evaluated

  19. Qualidade de sabor de tomates dos tipos salada e cereja e sua relação com caracteres morfoagronômicos dos frutos Taste quality of salad and cherry tomatoes and their relationship with the morphoagronomic characteristics of the fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Moreira Sobreira

    2010-08-01

    Full Text Available Frutos no estádio vermelho maduro de trinta e três acessos de tomate do banco de germoplasma do CCA-UFES, sendo 15 do "tipo Cereja" e 18 do "tipo Salada", foram caracterizados com base nos seguintes descritores morfoagronômicos: peso médio do fruto; comprimento médio do fruto; diâmetro médio do fruto; diâmetro da cicatriz peduncular; espessura do mesocarpo do fruto; teor de sólidos solúveis e pH do fruto. Com base nas variáveis teor de sólidos solúveis (TSS e pH do fruto, calculou-se a variável sabor, por meio da relação TSS/pH². Foram realizadas análises de variâncias e análises de correlações simples e parciais, determinando a distribuição dos acessos quanto às classes de sabor. Com base nas distribuições de frequências, formaram-se quatro classes para essa variável, sendo que, a maior parcela (33% dos acessos "tipo Salada" alocaram-se na classe mais baixa (0,05-0,12 ºBrix.pH-2, correspondendo a frutos de sabor menos desejável, enquanto a maior parcela (30% dos acessos "tipo Cereja", alocaram-se em classe imediatamente superior (0,13-0,20 ºBrix.pH-2. Os dados demonstram a possibilidade de se obter ganhos genéticos para sabor concomitantemente ao peso, comprimento e espessura do mesocarpo dos frutos.Fruits in the ripe red stage of thirty three tomato (Lycopersicon esculentum Mill. accessions from CCA-UFES germplasm collection, being 15 "Cherry type" and 18 "Salad type", were characterized based on the following morphooagronomic descriptors: average fruit weight; average fruit length; average fruit diameter; peduncle scar diameter; fruit mesocarp thickness; soluble solids and fruit pH. Based on the data from the soluble solids and fruit pH, the flavor variable was calculated by the ratio TSS/pH². Variance analysis and simple and partial correlations were calculated, and the accessions were clustered in flavor classes. Based on the statistical model of distribution of frequencies, four classes were formed for

  20. Caracterização morfológica e química de frutos de rambutan Morphologic and chemical characterization of rambutan fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Andrade

    2008-12-01

    Full Text Available Com a procura de alternativas por parte dos produtores e de novas opções pelos consumidores, o mercado de frutas exóticas tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil. O rambutan encontra-se entre as frutíferas com potencial de mercado, sendo, no entanto, necessário maior conhecimento sobre a cultura, como adequada escolha de genótipos para cada região e manejo do pomar. Diante disso, realizou-se o presente trabalho, na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Câmpus de Jaboticabal-SP, que teve por objetivo as caracterizações morfológica e química de frutos de rambutan, verificando a distinção de genótipos e distância genética entre os materiais. Foram avaliados: tamanho do fruto, comprimento dos filamentos, espessura da casca, tamanho da semente, peso do fruto, peso da casca, peso da semente, porcentagem de polpa, teores de sólidos solúveis (ºBrix, ácido ascórbico e acidez titulável. Realizaram-se ainda observações quanto a: coloração da casca, filamentos e polpa, aderência da polpa à casca, aderência da polpa à semente e presença de tegumento da semente na polpa. Com base nos resultados obtidos neste trabalho, pode-se concluir que os materiais A51 e B03 apresentam maior conjunto de características desejáveis, sendo promissores aos produtores na instalação de novos plantios da cultura.With the increase in the search of alternatives by the producers, and of new options for the consumers, the market of exotic fruits has been gainig more space in Brazil. The rambutan is among the fruits with market potential, however it is necessary more knowledge about the culture, appropriate genotype choice for each area and handling of the orchard. Considering that, the present research was accomplished at the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Campus of Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, aiming to study the morphologic and chemical characterization of rambutan fruits, verifying the

  1. Production and quality of tomato fruits under organic management Produção e qualidade dos frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora S Toledo

    2011-06-01

    Full Text Available Information about the production and quality of tomato cultivars under organic management and the conditions of climate and soil from the north region of Minas Gerais State, Brasil, are scarce. Thus, this research was carried out to evaluate the production and quality of tomato cultivars under organic management, in this region. The treatments consisted of four open pollination tomato cultivars (Chadwick Cherry, Pitanga vermelha, Santa Clara and Santa Cruz Kada and five hybrid cultivars (Marguerita, Nicolas, Ellen, Magestade and Dominador. The experimental design was of randomized blocks with three replications. The experiment was carried out using organic fertilization in the initial preparation of the area, compost and rock phosphate and sprays with Bordeaux mixture, neem oil and fertilizer. The marketable yield varied from 12.3 t ha-1 to 23.9 t ha-1. The hybrid Marguerita presented higher marketable production (23.9 t ha-1. The cultivars Chadwick Cherry and Pitanga Vermelha reached similar production as most cultivars and larger proportions of marketable and giant fruits, and therefore, better market quality. All the cultivars presented low potassium and manganese levels in foliar tissue suggesting an evaluation after various organic manuring cycles and better nutrition conditions are necessary to permit the comparison of the performance of cultivars in this system.Informações sobre a produção e qualidade de frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico, nas condições de clima e solo do Norte de Minas Gerais, Brasil, são escassas. Por isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e qualidade de frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico, em Montes Claros-MG. Os tratamentos consistiram de quatro cultivares de tomate de polinização livre (Chadwick Cherry, Pitanga Vermelha, Santa Clara e Santa Cruz Kada e cinco cultivares híbridos (Marguerita, Nícolas, Ellen, Majestade e Dominador. Foi utilizado o

  2. O pessegueiro no sistema de pomar compacto: IV. Intensidade e época de raleio dos frutos dos cultivares Tropical e Aurora-1 The peach meadow orchard system: IV. Intensity and time of hand fruit thinning of Tropical and Aurora-1 cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Barbosa

    1991-01-01

    Full Text Available A intensidade e a época do raleio dos frutos do pessegueiro podem influenciar diretamente a qualidade do produto, razão pela qual foram pesquisadas em um pomar compacto (4.167 plantas por hectare, sob poda drástica anual de renovação da copa. O experimento foi executado na Estação Experimental de Jundiaí (23°08'S e 46°55'W, do Instituto Agronômico (IAC, sob clima do tipo Cwa, mesotérmico úmido, também denominado de tropical de altitude, com cerca de 80 horas anuais de frio abaixo de 7°C. Utílizaram-se os cultivares Tropical, de maturação bem precoce (fins de setembro, e Aurora-1, de maturação precoce (meados de outubro. Efetuou-se o raleio com 30, 40 e 50 dias pós-antese (DPA, deixando-se 30, 60 e 90 frutos por planta. Os melhores resultados, reunindo fatores qualitativos e quantitativos, foram obtidos no raleio aos 30 DPA, mantendo-se 60 frutos por planta. Neste tratamento, o 'Tropical' apresentou frutos com peso médio de 60,9 gramas, o que equivale à produção de 3,654kg/planta (15,2t/ha; com o 'Aurora-1', o peso médio dos frutos foi de 72,0 gramas, correspondendo à produção de 4,320kg/planta (18,0t/ha. Aqualidade final do produto diminuiu à medida que se atrasou a época do raleio e, principalmente, quando se manteve maior quantidade de frutos por planta. O 'Tropical' adaptou-se melhor ao sistema de pomar compacto: floresceu no 9° mês e seus frutos amadureceram no 12ª mês após a poda drástica da copa.The effect of intensity and time of hand thinning on the mean fruit weight and productivity was studied on 'Tropical' and 'Aurora-V peaches. The trees were cultivated under the meadow orchard system, 4,167 plants per hectare, with drastic pruning. The experimental plot was located at the Estação Experimental of Jundiaí (23°08'S and 46°55W of the Instituto Agronômico of Campinas, State of São Paulo, Brazil, with 80 tours per year of temperature below 7°C. The time of hand thinning was 30, 40 and 50 days

  3. Biometria de frutos e sementes e emergência de plântulas de duas espécies frutíferas do gênero Campomanesia Biometrics of fruits and seeds and seedling emergence of two species fruit of the Campomanesia genus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Camargo de Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available As espécies Campomanesia adamantium e Campomanesia pubescens são morfologicamente semelhantes, ocorrem em ambientes comuns do Bioma Cerrado, por isso são difíceis de serem separadas e identificadas. Os objetivos foram analisar dados biométricos de frutos e sementes de C. adamantium e de C. pubescens, além do processo de emergência das plântulas, para fins de comparações entre as espécies. Em novembro de 2007, de 50 frutos de cada espécie, foram realizadas medidas do comprimento transversal (mm e longitudinal (mm dos frutos e das sementes, massa da matéria fresca dos frutos (g, número de lóculos por fruto e número de lóculos com sementes. Para o teste de emergência, dois experimentos independentes, um para cada espécie, foram instalados em delineamento inteiramente casualizado, com seis métodos de beneficiamento dos frutos para remoção, secagem ou lavagem da mucilagem e quatro repetições com 40 sementes por parcela. Com frutos mais volumosos, com maior acúmulo de massa fresca e maior amplitude biométrica em relação aos de C. pubescens, C. adamantium apresenta potencial para seleção de materiais promissores para fins de melhoramento. A secagem à sombra por 24 horas das sementes com mucilagem reduz os percentuais de emergência e de plântulas normais, além da velocidade de emergência de plântulas de C. adamantium, embora este método seja indiferente para plântulas de C. pubescens. Sob as mesmas condições experimentais, plântulas de C. pubescens apresentam maior capacidade de emergência e de plântulas normais, além de maiores frequências diárias de plântulas emersas e redução dos tempos de emergência em relação às plântulas de C. adamantium.The species Campomanesia adamantium and Campomanesiapubescens are morphologically similar, occur in common areas in the Cerrado, so they are difficult to be separated and identified. The objectives were to analyze biometrics of fruits and seeds of C. adamantium

  4. EVALUATING THE FRUIT PRODUCTION AND QUALITY OF CHERRY TOMATO (Solanum lycopersicum var. cerasiforme EVALUACIÓN DE LA PRODUCCIÓN Y CALIDAD DEL FRUTO DEL TOMATE CEREZA Solanum lycopersicum var. cerasiforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Ceballos Aguirre

    2012-06-01

    de calidad del fruto de 30 introducciones de tomate cereza provenientes del banco de germoplasma de la Universidad Nacional de Colombia -Sede Palmira en ensayos realizados en la granja Montelindo de la Universidad de Caldas (1010 m sobre el nivel del mar; temperatura media, 22,8°C; precipitación promedio anual, 2200 mm; humedad relativa, 76%. Se usó un diseño experimental de látice rectangular 5 x 6, con 30 tratamientos (introducciones y un testigo comercial (Sweet Million, 4 repeticiones/tratamiento y 5 plantas/repetición como unidad experimental. Se utilizaron descriptores sugeridos por el antiguo Instituto Internacional de Recursos Fitogenéticos, ahora Bioversity International. Los datos fueron analizados estadísticamente utilizando análisis de varianza y la prueba de promedios de Duncan a través del programa SAS. Adicionalmente se realizaron análisis de componentes principales y agrupamiento por dendrograma por medio del procedimiento Princom y Cluster de SAS (SAS Institute, Cary, NC. Seis componentes principales explicaron el 80,39% de la variabilidad morfológica de las introducciones evaluadas. Los materiales más promisorios en términos de peso promedio de fruto, producción por planta, rendimiento y contenidos de sólidos solubles, vitamina C y licopeno fueron IAC1624, IAC391, IAC3652, LA2131, IAC424, IAC1621, IAC426, LA1480 y IAC1688. La amplia variabilidad fenotípica de las introducciones evaluadas favorece la posibilidad de selección y mejoramiento genético en tomate por caracteres asociados a la producción y calidad del fruto.

  5. Produção de etileno em frutos de ameixeira ‘Prunus domestica’ sujeitos a duas temperaturas de conservação Ethylene production by ‘Prunus domestica’ plums during storage at two different temperatures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.E. Rato

    2007-01-01

    Full Text Available A síntese de etileno em frutos climatéricos tem sido bastante estudada pela influência que tem na conservação dos mesmos. Por esse motivo tem-se tentado através de alterações das condições ambientais, influenciar a produção de etileno. Em muitas espécies a exposição dos frutos ao frio favorece a síntese de etileno, quando estes são transferidos para a temperatura ambiente, também a actividade enzimática da ACC sintetase aumenta rapidamente nos frutos quando da sua passagem para a temperatura ambiente. Em algumas variedades de pêras e maçãs têm-se mesmo utilizado a exposição a baixas temperaturas apenas com o objectivo de conseguir uma maturação mais homogénea e uma textura aceitável. Relativamente à ameixeira Prunus domestica L. ‘Rainha Claudia Verde’ existe pouca informação acerca da expressão dos genes que controlam a maturação, mais concretamente das enzimas ACC sintetase e ACC oxidase. Durante a maturação da ameixa ‘Rainha Claudia Verde’ observa-se um aumento na produção de etileno e na taxa de respiração, paralelamente a um decréscimo da acidez e da firmeza dos frutos. No entanto, contrariamente à maioria das espécies fruteiras, nesta variedade observa-se uma diminuição na taxa de produção de etileno quando os frutos, sujeitos à conservação pelo frio, são posteriormente retirados para a temperatura ambiente. Este decréscimo é tanto mais acentuado quanto maior for o período de exposição ao frio. Esta variedade é habitualmente conservada entre os 0-2 ºC e apresentando um período de comercialização de 2 semanas após a colheita. Pretendeu-se com este trabalho perceber que tipo de efeito existe relativamente à produção de etileno nesta variedade. Estudou-se a influência de duas temperaturas de conservação, (1 ºC e 7 ºC ± 1 ºC, na produção de etileno. Os frutos foram sujeitos a diferentes períodos de conservação frigorífica: 0, 2, 5, 8 e 14 dias, ao fim dos

  6. INHIBICIÓN DE LESIONES POR FRÍO DE PITAYA AMARILLA (Acanthocereus pitajaya A TRAVÉS DEL CHOQUE TÉRMICO: CATALASA, PEROXIDASA Y POLIFENOLOXIDASA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    YENNY MARITZA DUEÑAS GÓMEZ

    2008-01-01

    Full Text Available En los ensayos de almacenamiento de pitaya a temperatura ambiente de Bogotá (18 ºC se encontró que esta fruta tiene un comportamiento climatérico con un máximo en la respiración luego de tres días de iniciado el almacenamiento. En el máximo climatérico la actividad de catalasa fue máxima, en tanto que en la etapa de senescencia las actividades de peroxidasa y polifenoloxidasa exhibieron valores máximos. El choque térmico inhibió las lesiones por frío, vistas en los frutos refrigerados a 2 °C, este choque incrementó la actividad de catalasa y peroxidasa y disminuyó la actividad de polifenoloxidasa, respecto a los frutos refrigerados sin tratamiento de choque térmico. Los resultados muestran que la catalasa está en relación directa con la vida útil del fruto, mientras que polifenoloxidasa guarda estrecha relación con el deterioro. La peroxidasa manifiesta su acción antioxidante con la generación de pardeamiento, en frutos almacenados a temperatura ambiente, si bien en los tratados con choque térmico, su acción antioxidante no va de la mano con el incremento en el pardeamiento, por lo que en este caso, su expresión fue favorable. Los resultados encontrados se constituyen en un aporte en la búsqueda de técnicas que permitan mayores tiempos de vida en anaquel de los frutos.

  7. Chemical composition and acaricidal activity of the leaf and fruit essential oils of Protium heptaphyllum (Aubl. Marchand (Burseraceae Composição química e atividade acaricida do óleo essencial das folhas e frutos de Protium heptaphyllum (Aubl. Marchand (Burseraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wendel José Teles Pontes

    2007-01-01

    Full Text Available Essential oils from leaves and fruits of Protiumheptaphyllum collected in Tamandaré beach Pernambuco/Brazil were analysed by GC/MS and tested for toxicity and repellent effect against the two spotted spider mite (Tetranychus urticae. The major constituent identified in the fruits was alpha-terpinene (47.6 % whereas oil from leaf contained mainly sesquiterpenes such as 9-epi-caryophyllene (21.4 %, trans-isolongifolanone (10.7 % and 14-hydroxi-9-epi-caryophyllene (16.7 %. The fruit oil was found to be more effective against the mite when compared to the leaf oil. Both showed mortality properties and oviposition deterrence in higher concentration (10 µl.l-1 air, but only the essential oil from fruits induced repellence on T. urticae.O óleo essencial das folhas e frutos de Protiumheptaphyllum coletada em Tamandaré-Pernambuco foi analisado por CG/EM e testado sua toxicidade e efeito repelente contra ácaro rajado (Tetranychus urticae. O constituinte majoritário identificado nos frutos foi alfa-terpineno (47,6 % enquanto que nas folhas foram os sesquiterpenos 9-epi-cariofileno (21,4 %, trans-isolongifolanona (10,7 % and 14-hidroxi-9-epi-cariofileno (16,7 %. O óleo dos frutos foi mais eficiente contra o ácaro, comparado com o óleo das folhas. Ambos os óleos revelaram propriedades de mortalidade e deterrência de oviposição na maior concentração (10 µl.l-1 air e apenas o óleo essencial dos frutos induziu repelência no T. urticae.

  8. Pre and Postharvest Enzymatic Activity in Gulupa (Passiflora edulis Sims Fruits from the Colombian Lower Montane Rain Forest / Actividad Enzimática Precosecha y Poscosecha en Frutos de Gulupa (Passiflora edulis Sims, en Condiciones del Bosque Húmedo Mo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Germán Franco

    2014-03-01

    Full Text Available “High-Andean fruits” are deemed important because oftheir potential for domestic consumption and exportation. Among them, gulupa (Passiflora edulis Sims is an exotic fruit of good acceptance in European markets. However, the technological support associated with the crop is incipient and its short shelf life leads to rapid deterioration of the product. This fact makes it necessary to investigate the physical, physiological and biochemical processes that characterize fruit ripening, in order to take actions to ensure that it arrives in its best possible condition to the consumer. In this context, the current study aimed at identifying enzymatic activity in gulupa fruits during pre and postharvest. Plant materialfrom the Colombian Gene Bank (administered by Corpoica was used. Fruits of known age were periodically harvested to determine the activity of the enzymes α-amylase, polygalacturonase (PG, pectinmethylesterase (PME and polyphenol oxidase (PPO through destructive samplings. It was found that α-amylase and PG are linked to the increase of soluble solids, which favors the sweet taste of the fruit. In turn, the low activity of PPO enables agroindustrial processing without severe fruit browning. / Los “frutales alto-andinos”, se consideran importantes por su potencial de consumo nacional y exportación. Entre ellos está la gulupa (Passiflora edulis Sims, reconocida como un frutal exótico de buena aceptación en mercados europeos. Sin embargo, el respaldo tecnológico asociado al cultivo, es incipiente y su corta vida poscosecha conduce al rápido deterioro del producto. Esto hace necesario plantear estudios de los procesos físicos, fisiológicos y bioquímicos que caracterizan la maduración, con el fin de procurar que el fruto llegue en las mejores condiciones de calidad a los consumidores. El estudio tuvo como objetivo conocer la actividad enzimática en los frutos de gulupa en precosecha y en poscosecha, con el

  9. Morphological characterization of fruits, seeds and phases of germination Pachira aquatica Aubl. (Bombacaceae Caracterização morfológica de frutos, sementes e fases da germinação de Pachira aquatica Aubl. (Bombacaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Riselane de Lucena Alcântara Bruno

    2012-06-01

    Full Text Available The mongubeira (Pachira aquatica Aubl is a fruit used in urban forestry in many cities within the country and infrequent in their natural habitat in the forests periodically flooded the coast of Pará and Maranhão. This study aimed to describe and illustrate the external and internal morphological characteristics of fruits and seeds, as well as the stages of germination of P. aquatica. For a description of the fruits were observed internal and external details of the pericarp, related to texture, texture, hairiness, brightness, shape, number of seeds per fruit and dehiscence. For seed morphology were observed following external dimensions, color, texture, consistency, shape, position of hilum and micropyle. For the internal characteristics, there was the presence or absence of endosperm and embryo type. The fruits of P. aquatica capsules are semi-woody, dehiscent, generally oval shape, some are curved and longitudinal cracks in the pericarp, is made up of five septa, polispermic and stained dark brown. The seeds vary from angular to reniform, have a large amount of endosperm and are inserted into the central axis of the fruit. Germination is epigeal type phanerocotylar, starting on the eighth day and can be terminated on the 15th day after sowing.A mongubeira (Parchira aquatica Aubl. é uma frutífera utilizada na arborização urbana de muitas cidades no interior do país e pouco frequente em seu habitat natural, nas matas periodicamente inundáveis do litoral do Pará e Maranhão. Este trabalho teve como objetivo descrever e ilustrar as características morfológicas externas e internas de frutos e sementes, bem como as fases do processo de germinação de P. aquatica. Para a descrição dos frutos foram observados detalhes externos e internos do pericarpo, referentes à textura, consistência, pilosidade, brilho, forma, número de sementes por fruto e deiscência. Para a morfologia de sementes foram observadas as seguintes caracter

  10. A influência da cobertura morta sobre características físicas e químicas de frutos da pinha (Annona squamosa L. The influence of mulching in relation to physical and chemical characteristics of the sugar apple (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlson Gusmão da Silva

    2007-08-01

    Full Text Available De forma geral a aplicação de resíduos vegetais ao solo tem efeitos benéficos sobre os nutrientes do solo, sob as suas condições físicas, sob a atividade biológica e sobre a performance das culturas. O objetivo principal deste trabalho foi avaliar, durante um ciclo produtivo, o efeito da cobertura de bagaço de cana, casca de café e palha de Buffel (Cenchrus ciliaris, L., quanto ao seu efeito sobre características físicas e químicas do fruto da pinheira (Annona squamosa L.. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, constando de cinco repetições, contendo duas plantas por parcela. Foram analisados: massa do fruto, massa da casca, massa das sementes e o número de sementes por fruto, o teor de sólidos solúveis e o pH da polpa. De modo geral, a presença da cobertura morta proporcionou incremento de massa aos frutos, o que promove aumento de receita, uma vez que, quanto maior for o fruto, melhor será seu preço. Não ocorreu aumento do pH da polpa, e o tratamento com casca de café proporcionou o maior teor de sólidos solúveis totais. Quanto às demais características, não foram encontradas diferenças.The application of vegetal wastes to soil have a beneficial effects on soil nutrient, physical conditions, biological activities and on the culture performance, the main objective of this study was to evaluate three kinds of vegetable byproducts: sugar cane bagasse, coffee chaff, and Buffel straw, regarding to the effect on the physical and chemical characteristics of custard apple (Annona squamosa L..The experimental design used completely randomid plots with five repplications, and two plants per plot. The total fruit mass, the peel mass, the seed mass per fruit were evaluated. The pulp level of soluble solids was measured, as well as its pH. The presence of this mulching provided an increase in the fruit mass, thereby, increasing the commercial profit, as larger the fruit is, the greater the value per weight

  11. Adubação orgânomineral em hortaliças folhosas, frutos e raízes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elysson Marcks Gonçalves Andrade

    2012-11-01

    Full Text Available A resposta das plantas olerícolas a adubação é influenciada por vários fatores, espécie cultivada, clima, tipo de solo, fonte de nutrientes utilizada na adubação, entre outros. A adubação apenas com produtos químicos ou sintéticos nem sempre proporciona bons resultados na produção e na qualidade dos frutos, folhas e raízes das hortaliças, havendo casos em que as hortaliças têm decréscimo em sua produção e na qualidade. Na maioria dos casos a aplicação combinada entre fertilizantes minerais e orgânicos promovem maior eficiência, que o uso de qualquer um separadamente. Isso ocorre principalmente devido a ausência de nutrientes essenciais para as plantas, dessa forma podendo ser complementada pelo uso combinado dos fertilizantes de origem orgânica e mineral. A utilização da adubação orgânomineral é uma das alternativas para propiciar maior rendimento das culturas e melhor qualidade da produção.

  12. Características del análisis proximal de harinas obtenidas de frutos de plátanos variedades Papocho y Pelipita (Musa ABB Simmonds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Juan Espitia-Pérez

    2013-07-01

    Full Text Available En el estudio se hizo un análisis proximal de las harinas crudas sin tratar obtenidas de frutos de las variedades de plátano Papocho y Pelipita (Musa ABB Simmonds no comerciales en diferentes etapas de desarrollo y se analizó su posible uso como materia prima alimenticia. Los resultados comparativos mostraron que los contenidos y porcentajes de fibra cruda en Papocho variaron entre 2.54 y 1.37% y en Pelipita entre 6.45 y 0.88%, la proteína cruda en Papocho entre 6.70 y 3.81% y en Pelipita entre 2.74 y 1.89%, la ceniza en Papocho entre 3.66 y 2.41% y en Pelipita entre 2.43 y 2.10%, y fueron afectados (P < 0.05 por la etapa de desarrollo de la fruta; mientras que la variedad de plátano afectó los contenidos de grasa en Papocho entre 0.64 y 0.48% y en Pelipita entre 0.55 y 0.35% en la harina de ambas variedades. En la variedad Pelipita el contenido de humedad (9.85% fue bajo. y presentó el mayor contenido de carbohidratos (85.86% a 77 días después de la floración.

  13. A dinâmica do mercado de açaí fruto no Estado do Pará: de 1994 a 2009

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Karlla Magalhães Nogueira

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar a dinâmica do mercado de açaí fruto no Estado do Pará, no período de 1994 a 2009, mediante a estimação simultânea da demanda e da oferta, pelo Método de Momentos Generalizados (MMG. Os resultados mostraram que a demanda e a oferta são inelásticas a preço. A elasticidade cruzada indicou que as outras frutas comercializadas no mercado paraense são substitutas do açaí. A elasticidade renda, com valor igual a 2,36, revelou que o açaí está enquadrado na categoria de bens de luxo. A elasticidade custo mostrou que o salário rural é fator de forte influência na redução da oferta do açaí, porque o sistema de produção é fortemente dependente de mão de obra. Por fim, a elasticidade de ajustamento mostrou que a produção de açaí de um ano exerce significativa influência no ajuste da oferta da safra do ano seguinte.

  14. Responsabilidad civil contractual por fraudes con tarjeta de crédito en Colombia

    OpenAIRE

    Rendón Vera, José Santiago

    2007-01-01

    La presente monografía de grado es el fruto de la convergencia de los diferentes conocimientos adquiridos en el pregrado de Derecho aplicados a una problemática especial: la responsabilidad civil por los fraudes cometidos con tarjetas de crédito en Colombia. En efecto, el sistema de tarjeta de crédito se inserta dentro de las nuevas formas de contratación que ha traído consigo la modernidad, su uso es relativamente reciente y siempre objeto de constante desarrollo.

  15. “Más para entretener la miseria que despertar la codicia”: los frutos del comercio y los mercados imperiales durante el nacimiento del liberalismo. Nueva Granada (1780-1810

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús Bohórquez Barrera

    2009-01-01

    Full Text Available Este artículo analiza la manera como fueron implementadas ciertas políticas liberales en la Nueva Granada a finales del siglo xviii. Para ello, se toma el ejemplo de la exportación de los frutos del reino, tales como el algodón y el palo de brasil, y se estudia la forma como funcionarios y comerciantes se encargaron de llevar a efecto la libertad de comercio implementada en los territorios americanos. Se presta gran importancia al papel desempeñado por las reglamentaciones, así como a las reflexiones de los funcionarios respecto a la aparición de un comercio caribeño y sus repercusiones en problemas como la escasez y el abasto.

  16. Caracterización fisicoquímica y nutricional del fruto Butia capitata y de su pulpa tamizada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María José Crosa

    2011-12-01

    Full Text Available El butiá es un fruto silvestre proveniente de los palmares de Rocha, cuyo consumo y comercialización se limita principalmente a ese departamento. El análisis de las propiedades fisicoquímicas y nutricionales en el fruto fresco y en su pulpa tamizada favorecerá la valorización de un recurso genético nativo. El objetivo de este estudio fue ampliar el conocimiento acerca de las características físico químicas y nutricionales del fruto fresco y de su pulpa tamizada, y estudiar la evolución microbiológica de la pulpa tamizada almacenada a -18 ºC durante 360 días. La caracterización del fruto fresco se realizó mediante los ensayos de sólidos solubles totales, pH, color, azúcares reductores, acidez titulable, materia seca, pectina, fibra alimentaria total y vitamina C. Los resultados más relevantes revelaron un contenido de vitamina C del entorno del 65 a 100 ppm de vitamina C y un contenido de fibra alimentaria de 4,9 % a 4,3 %. En la pulpa tamizada se analizó sólidos solubles totales, pH, color y vitamina C y pectina, microorganismos mesófilos aerobios, hongos y levaduras. El principal resultado fue la preservación de hasta un 55 % del contenido de vitamina C en la pulpa tamizada con respecto al fruto fresco. Durante los 360 días de almacenamiento a -18 ºC no se observó crecimiento microbiano en la pulpa tamizada.

  17. Diversidad de enterobacterias asociadas a frutos de tomate (Lycopersi-cum sculentum Mill y suelos de invernadero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Lorena Luna-Guevara

    2012-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo fue determinar la diversidad de enterobacterias presentes en suelo y tomates provenientes de tres invernaderos de fertirrigación. Estos sistemas de cultivo son una alternativa importante de producción en agricultura protegida, sin embargo, existe escasa información acerca de la calidad microbiológica de los frutos y su relación con las características químicas del suelo. Las evaluaciones del suelo consistieron en analizar el contenido de materia orgánica y pH. En los análisis microbiológicos se aislaron e identificaron enterobacterias en muestras compuestas de suelo y frutos con diferentes grados de madurez (0, 50 y 100%, utilizando medios de cultivo selectivos, diferenciales y pruebas confirmatorias con el sistema VITEK. Los patogrupos de Escherichia coli enteropatogena (EPEC y enterotoxigénica (ETEC se caracterizaron genotípicamente mediante la técnica de reacción en cadena de la polimerasa (PCR, amplificándose los genes bfpA y lngA. Con las especies identificadas se calcularon los índices de diversidad Simpson (D y Shannon-Wiener (H´ y estimador de Chao (SChao1. Las especies Enterobacter cloacae, Citrobacter freundii y C. brakii presentaron mayor frecuencia de aislamiento, EPEC y ETEC fueron identificadas en muestras de suelo y en frutos con 100% de madurez. En suelo, los porcentajes de materia orgánica se correlacionaron positivamente con los índices H´. En fruto, aunque H´ y D reflejaron comunidades bacterianas menos diversas, el aislamiento de ETEC y Shigella boydii sobre la superficie del fruto comprometen su inocuidad debido a que habitualmente se consume en forma cruda.

  18. MORFOLOGIA DO FRUTO E DA SEMENTE DE TRÊS ESPÉCIES DE Senna Mill. (LEGUMINOSAE - CAESALPINIOIDEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ely Simone Cajueiro Gurgel

    2014-08-01

    Full Text Available O fruto característico de Leguminosae é o legume, entretanto há uma variabilidade de tipos na família. Este estudo objetivou descrever a morfologia dos frutos e das sementes de Senna obtusifolia (L. H.S.Irwin & Barneby, S. occidentalis (L. Link. e S. tapajozensis (Ducke H.S.Irwin & Barneby. Retirou-se, aleatoriamente, uma amostra constituída de 25 frutos e 25 sementes para a descrição. Dos frutos, registrou-se a morfologia geral, a classificação, a coloração, a textura, a consistência e o indumento do pericarpo. Os caracteres morfológicos das sementes analisadas foram: a externos: consistência, cor e textura da testa, forma das sementes, posição e forma do hilo e da micrópila; b internos: testa; endosperma; embrião quanto ao tipo; forma e cor. As espécies estudadas apresentaram frutos do tipo legume ou folículo, de forma linear e largamente linear, pericarpo seco, cartáceo e sublenhoso, glabro a olho nu, em tons castanhos. Semente obovada, suborbicular, elipsoidal com um lado reto ou irregularmente rômbico, testa em tons castanhos ou acinzentados, pleurograma completo, quando presente, hilo punctiforme e orbicular, embrião axial, foliáceo, eixo embrionário reto e oblíquo, plúmula rudimentar. As características do indumento do pericarpo e pleurograma possibilitaram a separação das espécies estudadas. Palavras-chave: Senna obtusifolia, S. occidentalis, S. tapajozensis, Cassieae, Cassiinae. DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v4n2p80-86

  19. Effect ofthydiazuron and choline chloride bioregulators on yield and fruit quality ofthree apple (Malus domestica Borkh. varieties Efecto de Thidiazuron y cloruro de colina como biorreguladores sobre el rendimiento y la calidad del fruto en tres variedades de manzano (Malus domestica borkh.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Benincore Mauricio

    2000-12-01

    Full Text Available In order to improve yield and quality of Colombian apple fruits, Thydiazuron (TDZ and Choline Chloride (CC biorregulators were evaluated as supposed stimulants of growth and development of 'Princesa', 'Golden Delicious' y 'Gala' varieties in the «La Calera» zone (2650 masl. 50, lOOand 150 mg-L:' of TDZ were sprayed between 30 and 45 days after blooming (dab and 500, 1000 and 1500 mg-L-' of CC 118 dab, using a completely randomized design for 'Princesa' and 'Golden Delicious' and a completely randomized
    block design for 'Gala'. TDZ showed chemical thinning and
    cytokinine activity, decreasing the number and acidity of harvested fruits, but increased mean fruit weight, In 'Gala', TDZ increased the harvested fruit number per tree; with 150 mg-L:' fruit color increased while soluble solids (SS concentration declined. On the other side, in 'Gala' apples, CC applications decreased fruit number per tree and showed higher mean weights, volume and SS content of fruits, especially with 500 mg-L:'. In 'Golden Delicious' CC produced oblong fruits with higher SS content and lower flesh firrnness.
    Con el fin de mejorar rendimiento y calidad del fruto de la manzana nacional, se evaluaron los biorreguladores Thidiazuron (TDZ y Cloruro de Colina (CC como supuestos estimuladores del crecimiento y desarrollo del fruto en las variedades 'Princesa', 'Golden Delicious' y 'Gala' en la zona de «La Calera» (2650 msnm. Para tal fin, se aplicaron 50, 100 y 150 mg-L" de TDZ entre los 30 y 45 días después de floración (ddt y 500, 1000 y 1500 mg-L-' de CC 118 ddf,
    bajo diseño completamente aleatorizado para 'Princesa' y 'Golden Delicious' y bloque completos al azar para 'Gala'. Thidiazuron actuó como agente químico raleante y como citoquinina, disminuyendo en 'Golden Delicious' el número de frutos cosechados y la acidez, pero aumentando el peso promedio del fruto. En 'Gala', TDZ aumentó el número de frutos por árbol, a 150 mg-L-' aumentó la

  20. Determinación de esteroles en la fracción insaponificable del aceite de los frutos de la palma real cubana (Roystonea regia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    David Marrero Delange

    2013-03-01

    Full Text Available Introducción: los esteroles han sido ampliamente estudiados por su importancia nutricional y farmacéutica. Sin embargo, para nuestro conocimiento, la composición de esteroles del aceite de los frutos de la palma real cubana (Roystonea regia no ha sido determinada hasta el momento. Objetivos: determinar la composición de esteroles que pudieran estar presentes en la fracción insaponificable del aceite de R. regia mediante CG-EM. Métodos: muestras de dos lotes de aceite de R. regia fueron sometidas al procedimiento para la determinación de esteroles establecido por el del Instituto de Nutracéuticos de los EE.UU., el cual consiste, fundamentalmente, en una saponificación con disolución de KOH/EtOH y posterior extracción con n-hexano de las fracciones insaponificables. Las fracciones obtenidas fueron analizadas por CG-EM como derivados TMS e identificadas por comparación de sus espectros con los de patrones comerciales y los de la base de espectros Wiley. Para la cuantificación se utilizó el colestano como patrón interno. Resultados: en la fracción insaponificable del aceite de R. regia se encontró un contenido total de esteroles de 66,1%; lo que representa un 0,14 % del aceite. La fracción de esteroles, estuvo compuesta principalmente por â -sitosterol (51,2 %, estigmasterol (9,6 %, campesterol (9,2 %, 24-metilen-cicloartanol (9,2 %, Ä5-avenasterol (8,9 %, cicloartanol (7,5 %; además de otros componentes minoritarios como cicloartenol, ã-sitosterol y colesterol. Conclusiones: se identificaron y se cuantificaron mediante CG-EM los esteroles de la fracción insaponificable del aceite de R. regia, en la cual el â-sitosterol resultó el componente mayoritario. Estos resultados son una contribución al estudio de la composición química de dicho aceite y pudieran avalar su posible utilidad nutricional y seguridad.

  1. Ensacamento de frutos de pereira cv. Housui Bagging of nashi pear cv. Housui

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Dagoberto Faoro

    2004-04-01

    Full Text Available Foi avaliada a qualidade de frutos de pêra japonesa cv. Housui (Pyrus pyrifolia var. culta ensacados com diferentes tipos de sacos de papel e em duas épocas: 34 e 83 dias após a florada. O ensacamento não influenciou na firmeza, no teor de sólidos solúveis totais e no peso médio dos frutos. Sacos vermelhos não induziram aumento do pH da polpa, mas o uso de sacos duplos, sacos marrons, sacos de papel kraft marrons e sacos de pipoca brancos aumentaram significativamente o pH. Ao buscar-se maior precocidade de colheita, os melhores resultados foram obtidos com o uso de sacos pequenos de papel manteiga aos 34 dias após a floração e o uso de sacos grandes duplos ou sacos grandes marrons, 83 dias após a plena floração. O ensacamento 34 dias após a plena floração, com sacos grandes de papel duplo de cor marrom ou sacos de papel kraft marrons, ou ainda o uso de sacos pequenos parafinados transparentes de papel manteiga, aos 34 dias, seguidos pela colocação, aos 83 dias, dos dois tipos de sacos grandes citados anteriormente, resultaram em frutos de melhor qualidade externa (película de coloração homogênea e mais clara, lisa e com lenticelas pouco salientes. O uso de sacos vermelhos de papel manteiga e de sacos de pipoca brancos, com ou sem ensacamento prévio com sacos pequenos de papel manteiga parafinado, não resultaram em melhoria substancial da qualidade externa do fruto.The fruit quality of Nashi pears cv. Housui (Pyrus pyrifolia var. culta have been evaluated after bagging with different paper bags at two bagging dates: 34 and 83 days after full bloom. The bagging did not affect the fruit firmness, the total soluble solids and the average fruit weight. Red bags did not affect the pH of the fruit flesh. However the fruit bagged with double bags of brown color, brown kraft paper and white popcorn paper increased the pH. In order to harvest precociously, the use of small transparent paraffin paper bags 34 days after full bloom

  2. Compostos antioxidantes em frutos de acessos de caramboleira em diferentes ambientes de Pernambuco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Severino de Lira Júnior

    2014-12-01

    Full Text Available A polpa da carambola contém compostos químicos com propriedades antioxidantes importantes à saúde humana, contra o envelhecimento celular e a prevenção de doenças. Este trabalho objetivou avaliar o fruto de acessos de caramboleira quanto às concentrações de compostos antioxidantes. Foram analisadas as concentrações de ácido ascórbico, carotenoides totais, flavonoides, fenólicos totais e taninos em cinco acessos selecionados de carambola, cultivada em três distintas regiões edafoclimáticas de Pernambuco. Os acessos de carambola diferiram significativamente entre si, quanto às concentrações de ácido ascórbico, fenólicos totais e taninos. A significância para os efeitos de ambiente confirmou que os locais de cultivo são heterogêneos, em relação ao potencial produtivo de frutos com diferentes concentrações médias de ácido ascórbico, flavonóis, fenólicos totais e taninos. A interação significativa entre genótipos e ambientes indica que os acessos de carambola apresentam respostas diferenciadas às concentrações de ácido ascórbico, flavonóis, fenólicos totais e taninos, quando cultivadas em diferentes locais. As condições de cultivo da Estação Experimental do IPA Itambé e os acessos IPA-7.2, IPA-22.3 proporcionaram as maiores concentrações de ácido ascórbico, fenólicos totais e taninos.

  3. Valor nutricional e características químicas e físicas de frutos de murici-passa (Byrsonima verbascifolia Nutritional value and chemical and physical chacacteristics of dried murici fruits (Byrsonima verbascifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marília Mendonça Guimarães

    2008-12-01

    Full Text Available Estudos sobre o valor nutricional dos frutos do Cerrado e de seus produtos contribuem para utilização dos alimentos regionais na alimentação humana. Este trabalho teve por objetivo avaliar a composição química, física e microbiológica dos frutos de murici-passa e in natura. O processamento do Murici-Passa (MP foi realizado em três repetições (MP1, MP2 e MP3, utilizando-se a desidratação osmótica seguida de secagem em estufa com circulação forçada de ar. Analisou-se a composição centesimal, atividade de água, pH e sólidos solúveis dos frutos de murici-passa e in natura. Os dados foram analisados por meio do coeficiente de variação, análise de variância (ANOVA e Teste de Tukey (p Research on the nutritional value of the Cerrado (vast tropical savanna ecoregion of Brazil fruits and their derivative products contribute to the use of regional products in human nourishment. This work aimed at evaluating the chemical, physical, and microbiological composition of murici in natura and murici dried fruits. The fruits were processed in three repetitions (MP1, MP2, MP3 using the osmotic dehydration followed by drying in a forced air circulation oven. The centesimal composition, water activity, pH, and soluble solids of murici dried and murici in natura were analyzed. The data were analyzed by the variation coefficient, the variance analysis, and the Tukey test (p < 0,05. The dehydrated fruits lost about 63 to 68% of water concentrating their macronutrients, their energy, and their soluble solids when compared to the murici in natura. Water activity varied from 0,78 to 0,85 characterizing the dried murici as a dry product with intermediate moisture. The pH remained below 4,5 for both dehydrated and in natura fruits. The dried murici fruit presented satisfactory consumption microbiological conditions. It can be concluded that the nutritional value of the dried murici fruit indicates a fiber-rich food, and its production can

  4. Phytophthora palmivora, agente da podridão de raiz e frutos de mamoeiro no Estado de Alagoas Phytophthora palmivora, causal agent of root and fruit rots of papaya in the State of Alagoas, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Paiva Carnaúba

    2006-04-01

    Full Text Available O mamoeiro (Carica papaya é uma das mais importantes fruteiras tropicais, e seus frutos contribuem com uma produção de 1,65 milhão de toneladas por ano para o Brasil. Um isolado de Phytophthora sp. obtido de frutos de mamoeiro da cultivar Havaí, em Alagoas, foi caracterizado morfologicamente e sua patogenicidade foi confirmada em frutos e mudas deste hospedeiro. Em meio suco V-8, os esporangióforos apresentaram-se delgados, simples ou pouco ramificados, enquanto os esporângios se apresentaram ovóides a elipsóides, proeminentemente papilados e um pedicelo curto na porção basal, medindo em média 37,68 x 27,52 mm. Através das características apresentadas pelo isolado e os sintomas induzidos, o agente causal foi identificado como Phytophthora palmivora. Apesar de essa doença já ocorrer em outros estados, como Bahia, Espírito Santo, São Paulo, Pernambuco e Pará, este é o primeiro relato de Phytophthora palmivora em mamoeiro no Estado de Alagoas.The papaya (Carica papaya is one of the most important tropical fruit crops and its fruit contribute with a production of 1.65 millions tons/year in Brazil. An isolated of Phytophthora sp. gotten from papaya fruits cv. Hawaii, in the state of Alagoas, was characterized morphologically and its pathogenicity to this fruits and seedling was confirmed. In a V-8 medium, the sporangiophores presented to be slim, simple or little ramified, while the sporangia presented ovoid to ellipsoid, prominently papillae and one short pedicel in the basal portion, measuring in average 37,68 x 27,52 (m. Through the characteristics presented by the isolated and the induced symptoms, the causal agent was identified as Phytophthora palmivora. Despite of this disease already occurring in other states like in Bahia, Espirito Santo, São Paulo, Pernambuco and Pará, this is the first report of Phytophthora palmivora on papaya in the state of Alagoas, Brazil.

  5. ABLANDAMIENTO DE FRUTOS DE PITAYA AMARILLA (Acanthocereus pitajaya A TEMPERATURA AMBIENTE Y EN REFRIGERACIÓN: ACTIVIDAD DE POLIGALACTURONASA, CELULASA Y XILANASA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yenny Maritza Dueñas

    2012-05-01

    Full Text Available Una de las mayores causas de pérdidas poscosecha de frutos de pitaya amarilla es su ablandamiento excesivo, el cual ha sido documentado previamente cuando la fruta es almacenada a temperaturas de cosecha o después de refrigeración. Además, tratamientos de choque térmico antes del almacenamiento refrigerado ofrecen control en el ablandamiento de estos frutos. Diferentes experimentos fueron llevados a cabo para evaluar el papel de algunas enzimas degradadoras de pared celular en el ablandamiento de frutos de pitaya amarilla: almacenamiento a 18 °C (TA y refrigeración con choque térmico previo (ChT-R. Se incluyó también un tratamiento refrigerado control, sin choque térmico (control-R. Si midió el color de la corteza, la firmeza y las actividades de poligalacturonasa (PG, celulasa (CEL y xilanasa (XIL. La evaluación del color indicó que los frutos almacenados a TA alcanzaron su madurez comercial luego de seis días. Luego de 12 días de almacenamiento a TA el pardeamiento y ablandamiento excesivo afectaron negativamente la calidad de los frutos. El pardeamiento y ablandamiento excesivo fueron detectados también en los frutos control-R cuando se movieron de 2 a 18°C. Un ligero pardeamieno fue observado en los frutos ChT-R. Estos frutos alcanzaron su madurez comercial luego de 24 días de almacenamiento (9 días luego de terminado el almacenamiento refrigerado. La actividad de XIL se asoció al ablandamiento en los frutos almacenados a TA y ChT-R. No se observó una clara correlación entre las actividades de PG y el ablandamiento, como tampoco entre CEL y el ablandamiento.

  6. Produção de etileno e atividade da enzima ACCoxidase em frutos de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. Ethylene production and ACCoxidase activity in passion fruits (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Macedo Winkler

    2002-12-01

    Full Text Available O maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. é uma das principais espécies cultivadas do gênero Passiflora. Seus frutos são ricos em minerais, vitaminas e apresentam aroma e sabor agradáveis. O presente trabalho teve como objetivos determinar a produção de etileno e atividade enzimática da ACCoxidase (ACCO em maracujá-amarelo colhido em diferentes estádios de maturação. A determinação do estádio de maturação foi realizada com o auxílio de um colorímetro, que, por meio da radiação ultravioleta, estabeleceu valores absolutos da cor dos frutos de cada um dos grupos (I, II e III. A produção de etileno e a atividade da ACCoxidase foram realizadas por cromatografia gasosa. Os frutos do grupo I são predominantemente verdes, de acordo com os valores absolutos da cor obtidos. Os frutos do grupo II são predominantemente, coloridos, ou seja, em um estádio de maturação intermediário, e os frutos do grupo III, totalmente coloridos, apresentando-se, portanto, em início da senescência. Os frutos do grupo I apresentaram atividade da ACCO predominantemente mais elevada do que os frutos do grupo III, ocorrendo também o mesmo comportamento com a produção de etileno, com um valor médio de 7,25 nL. g-1. h-1, bem acima do nível máximo estabelecido para espécies classificadas como fracamente produtoras de etileno (0,5 nL. g-1. h-1. Assim, o maracujá-amarelo difere quanto à produção de etileno e atividade da enzima ACCO, de acordo com o estádio de maturação. A espécie foi considerada, em comparação com outras espécies, como produtora intermediária de etileno. A atividade enzimática da ACCO é mais elevada em frutos predominantemente verdes, mas ela é limitada e necessita de co-fatores enzimáticos para sua atividade máxima.Passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg. is one of the main cultivated species of Passiflora genus. Its fruits are rich in mineral salts and vitamins and to present

  7. Produção de frutos para uso medicinal em Bromelia antiancatha (caraguatá: fundamentos para um extrastivismo sustentável Fruit production for medicinal use in Bromelia antiacantha ("caraguatá": foundations for sustainable extraction

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Filippon

    2012-01-01

    Full Text Available Entre as várias espécies que têm sido utilizadas como fontes de subprodutos florestais estão a Bromelia antiacantha, espécie nativa da Mata Atlântica com grande potencial de uso com características alimentícias, ornamentais, industriais e farmacológicas. Os frutos da espécie são utilizados tradicionalmente no Planalto Norte Catarinense na confecção de xaropes para tratamento de males das vias respiratórias. Neste contexto, objetivou-se quantificar a produção de frutos e fundamentar estratégias para possível manejo de populações naturais de B. antiacantha. Foram acompanhadas 39 infrutescências de Janeiro/2008 a Agosto/2008 distribuídas em área de mata secundária na FLONA de Três Barras, SC. Nesta mesma área, indivíduos da espécie foram acompanhados através de estudos demográficos de 2001 a 2008. As infrutescências apresentaram em média 0,68m de comprimento, número médio de 187 frutos/infrutescência, o diâmetro médio dos frutos foi de 1,9 cm e o peso médio das infrutescências de 3,6 kg. A média de frutos aproveitáveis foi de 157 frutos/infrutescência totalizando 2,5 kg. A safra estimada para 2005 foi de 146 kg de frutos ha-1 e 80 kg de frutos ha-1 para 2008, e a renda líquida a partir da produção de xarope foi estimada em R$ 1168,00 por hectare, por ano. Os resultados mostraram que o manejo de B. antiacantha consiste em atividade economicamente interessante e que esta possibilidade, além de complementar a renda de comunidades locais onde a espécie se faz presente, também amplia o valor das áreas com cobertura florestal.Among the large number of species that have been used as sources of forest byproducts is Bromelia antiacantha, a species native to the Atlantic Forest and that has great potential of use with nourishing, ornamental, industrial and pharmacological characteristics. The fruits of this species are traditionally used in the Northern Plateau of Santa Catarina State, Brazil, in the

  8. Estimación de la oferta de frutos en el gradiente vertical de un bosque del medio Caquetá, Amazonia colombiana

    OpenAIRE

    Nicolás Castaño Arbleda; Julio Betancur Betancur

    2004-01-01

    Durante el año 2001 se estimó la oferta de frutos en un bosque de tierra firme de la Amazonia colombiana. Se muestrearon siete parcelas de 50 x 50 m cada una (1,75 ha), en las que se censaron todos los individuos fructificados. En total se encontraron 1.154 individuos en fruto, correspondientes a 196 especies y 57 familias. En cada ciclo de muestreo  se produjeron en promedio 15.212 frutos/ha y 16,1 kg/ha de peso seco de la cosecha. Para estimar la fructificación de cada especie y familia se ...

  9. Gradientes de qualidade em abacaxi 'Pérola' em função do tamanho e do estádio de maturação do fruto Quality gradients in 'Pérola' pineapple in function of fruit size and maturation stage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Domingo Haroldo Reinhardt

    2004-12-01

    Full Text Available Frutos compostos podem apresentar variações expressivas nas propriedades da polpa, exigindo cuidados especiais nos procedimentos de controle de qualidade. Este trabalho visou a determinar gradientes dos principais atributos da polpa do abacaxi 'Pérola', em função do tamanho e do estádio de maturação dos frutos. Estes foram colhidos em plantios comerciais em Itaberaba-BA, na safra 2002, determinando-se os teores de sólidos solúveis totais (SST, vitamina C (ácido ascórbico e da acidez titulável (AT, o pH e a relação SST/AT no suco. Em delineamento inteiramente casualizado, foram estudados os tratamentos distribuídos em esquema fatorial 2 (tamanho do fruto - pequeno e grande x 2 (estádio de maturação do fruto - verdoso/pintado e colorido x 3 (terços superior, mediano e inferior, com 15 repetições, no primeiro experimento, e em esquema fatorial 3 (terços superior, mediano, inferior x 3 (terços externo, central e interno, com sete repetições, no segundo. Os SST aumentaram da parte superior do fruto para a inferior e da externa para a interna, sendo mais altos em frutos coloridos, ocorrendo o contrário para a AT e a vitamina C. Frutos pequenos apresentaram maiores teores de SST e AT e menores de SST/AT e vitamina C. A amplitude dos gradientes observados no abacaxi 'Pérola' exige a utilização de amostras constituídas por seções longitudinais e horizontais completas do fruto, nos procedimentos de controle de qualidade.Composed fruits may present expressive variations in its pulp proprieties, requiring special attention to quality control procedures. This work aimed at determining the main attributes of 'Pérola' pineapple pulp, in function of fruit size and maturation stage. Fruits were harvested from commercial fields in Itaberaba, Bahia, Brazil, in the 2002 harvest season, and their contents of total soluble solids (TSS, vitamin C (ascorbic acid, titratable acidity (TA, TSS/TA ratio and pulp pH determined. In

  10. Stages of maturation of the fruit on germination and oil content in seeds of Jatropha curcas LinEstádios de maturação do fruto no desempenho germinativo e teor de óleo de sementes de Jatropha curcas Linn

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Rubio

    2013-05-01

    Full Text Available Jatropha curcas Linn., known as physic nut, is a plant that has oil content between 35 and 38%, being used as an alternative for producing biodiesel. However, this culture has uneven fruiting, which discourages the harvest period. This study aimed to relate the color of the seeds during fruit maturation and germination characteristics with the oil concentration, confirming the best time for harvest. Using the Munsell color chart the seeds were classified into four stages: VC (light seeds of unripe fruits, VE (dark seeds of unripe fruits, A (seeds of fruits attached to the tree and C (seeds to the ground. It was conducted the germination test, moisture, dry matter and oil content. The seeds of fruits that were attached to the tree (level A obtained better results in test of germination, about 25% because they had higher dry matter (90.51% and lower water content (9.49%. They also had the largest concentration of oil, which was 47.36% (almond, and therefore, the best stage for harvesting. The light seeds of unripe fruits (VC, did not obtain satisfactory germination (1.25%, indicating that the color of the fruits can be a parameter for physiological maturity of Jatropha curcas Linn.Jatropha curcas Linn. conhecido como pinhão manso apresenta teor de óleo entre 35 e 38% em suas sementes, sendo utilizado como alternativa na produção de biodiesel. Porém, essa cultura apresenta frutificação desuniforme, o que desfavorece a determinação do período ideal de colheita. Desta forma, esse trabalho objetivou relacionar a coloração das sementes de Jatropha curcas Linn. durante o processo de maturação dos frutos com as características germinativas e concentração de óleo, verificando assim a melhor época para a colheita. Utilizando a carta de cores de Munsell, as sementes foram classificadas em 4 estádios: VC (sementes claras de frutos verdes, VE (sementes escuras de frutos verdes, A (sementes de frutos maduros presos à árvore e C (sementes

  11. Diagnostico por PCR del complejo Sigatoka en Colombia.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero Magally

    1999-06-01

    Full Text Available Las Sigatokas negra y amarilla son enfermedades causadas por Mycosphaerella fijiensis y Mycosphaerella musicola respectivamente. Estas dos especies de hongos estrechamente relacionadas y morfológicamente similares, causan necrosis severa en las hojas de banano y plátano disminuyendo el área de tejido fotosintético y acelerando la maduración del fruto. Las enfermedades producidas por estos hongos afectan la mayoría de las áreas cultivadas de banano y plátano a nivel mundial, generando un gran problema económico y ambiental. Los síntomas que produce cada uno de estos patógenos en el cultivo son similares, por lo que su correcta identificación en campo se hace difícil. Con el fin de hacer una identificación precisa de cada uno de ellos decidimos estandarizar una prueba diagnóstica basada en la reacción en cadena de la polimerasa (PCR utilizando dos oligonucleótidos de 21 bases (MF 137 y MM 137 específicos para cada una de las especies M. fijiensis y M. musicola respectivamente. MF 137 y MM 137 codifican regiones variables identificadas en las secuencias interespaciadoras (ITS del DNA ribosomal.

  12. Caracterização de frutos de genótipos de muricizeiros cultivados no litoral cearense Characterization of fruits from genotypes of the nance tree grown along the coast of Ceará

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Peixoto Lourenço

    2013-09-01

    Full Text Available Das espécies frutíferas nativas do Nordeste, o muricizeiro (Byrsonima dealbata Griseb destaca-se dupla finalidade, consumo "in natura" e industrialização. As populações locais vivem do extrativismo e tem no murici uma fonte de renda, comercializando-o em feiras livres. Apesar da importância social das espécies frutíferas nativas para algumas regiões, no entanto, há poucas informações a cerca destas espécies. Em vista do exposto, o objetivo foi avaliar frutos de diferentes genótipos de muricizeiros por meio da caracterização biométrica e as relações genéticas entre os mesmos. Analisaram-se 18 genótipos de muricizeiros, oriundos dos municípios Pacajus, Fortaleza e Paraipaba, CE. Foram realizadas 30 medições, onde cada medição correspondeu a um fruto, nos quais foram analisados: massa, diâmetro, comprimento, cor (L, a*, b*, firmeza e rendimento, sendo este com base em 100 g de polpa. Dos resultados obtidos obteve-se predominância de frutos oblongos, com destaque para o genótipo EM 4 por apresentar maior massa dos frutos. Foram estimadas: variância residual, variância genética, repetibilidade e correlações fenotípicas entre as variáveis estudadas. As técnicas multivariadas aplicadas (agrupamento de genótipos por meio da otimização de Tocher, análise de componentes principais e análise da dissimilaridade dos genótipos, expressa em dendrograma, com base no método do vizinho mais próximo foram concordantes entre si, demonstrando que os genótipos EM 3, EM 4 e PAC 6 foram divergentes entre si e entre os demais, possuindo variabilidade genética, permitindo potencial uso dos mesmos em programas de melhoramento.Of the species of fruits native to the northeast of Brazil, the nance tree (Byrsonima dealbata Griseb stands out for offering the potential for both fresh consumption and industrialization. The local populations live by harvesting fruits, and find a source of income in the nance fruit, selling it in

  13. Desfolha em videiras americanas e viníferas na fase de pré-maturação dos frutos Defoliation of american and vinifera grapevines in the pre ripening of fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Anzanello

    2011-07-01

    Full Text Available Foram avaliadas possíveis interferências que a localização da folha removida mediante desfolha em videira apresenta sobre o rendimento e qualidade dos frutos. As cultivares 'Niagara Branca' e 'Concord', ambas Vitis labrusca, e 'Cabernet Sauvignon' e 'Merlot', ambas Vitis vinifera, foram utilizadas em sistema de condução em espaldeira, na safra 2006/2007. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados, com quatro repetições e quatro plantas por parcela, sendo testados 4 tratamentos: T1 (testemunha - sem desfolha, T2 (retirada das folhas localizadas opostas aos cachos, T3 (retirada das folhas do sarmento localizadas abaixo dos cachos e T4 (retirada das folhas do sarmento localizadas abaixo e opostas aos cachos. As cultivares da espécie Vitis labrusca receberam um tratamento adicional T5, constando na retirada das folhas acima dos cachos. A aplicação dos tratamentos foi realizada na fase de mudança de cor das bagas para as cultivares 'Concord', 'Merlot' e 'Cabernet Sauvignon' e início do amolecimento das bagas para a cultivar 'Niagara Branca'. Avaliaram-se, após a colheita, a produção por planta, a massa dos cachos, os teores de sólidos solúveis (SS, a acidez titulável, (AT e o pH dos frutos. Observou-se que a desfolha até a altura do cacho não influenciou na quantidade e na qualidade dos frutos. Porém, quando a desfolha foi realizada acima dos cachos, ocorreu um atraso na maturação das uvas americanas. Essa condição implica não ser necessária a desfolha seletiva até a altura dos cachos nas videiras estudadas, quando realizada na fase início de amadurecimento dos frutos.This study aimed to evaluate the interference that the location of the leaf removed by defolation in grapevine has on fruits quality and yield. Such experiment was performed using Niagara Branca and Concord, both Vitis labrusca, and Cabernet Sauvignon e Merlot, both Vitis vinifera, trained in a unilateral cordon system during the

  14. Produção de frutos e caracterização de ambientes de ocorrência de plantas nativas de araticum no cerrado de Goiás Fruit production and environment characterization of the occurrence of native plants of araticum in the Cerrado of Goiás state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juracy Rocha Braga Filho

    2009-06-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a produção de frutos de araticum no Cerrado do Estado de Goiás. Foram selecionadas, para a realização do trabalho, 14 áreas de ocorrência natural do araticum no Estado de Goiás, de janeiro de 2000 a julho de 2002. Em cada área, foram selecionadas de 30 a 40 plantas adultas de araticum. O delineamento experimental adotado corresponde ao modelo hierárquico, para produção de frutos, sendo os dados obtidos submetidos à análise de variância. A estrutura espacial da variação fenotípica entre as populações das áreas analisadas foi investigada a partir do critério de ligação UPGMA. Os resultados demonstraram que a produção de frutos de araticum é baixa e variável entre as áreas e entre os anos, sendo a média de 2,97 aproveitáveis e de 1,37 frutos inaproveitáveis por planta. A variação fenotípica de caracteres morfológicos entre populações de araticum do Estado de Goiás não apresenta um padrão de estruturação espacial. A produção de frutos por planta é muito variável, sendo que algumas plantas apresentam características produtivas e de qualidade aparente de frutos que as credenciam com potencial para plantas-matrizes. As principais pragas que atacam os frutos de araticum são: Spermologus funereus, Cerconota anonella e Bephratelloides pomorum. A pressão antrópica sobre os ambientes naturais de produção de araticum tem reduzido a produção atual e pode inviabilizar as produções futuras.This study had the objective to evaluate the production of araticum fruits in the Cerrado of the Goiás State. Fourteen areas with high natural occurrences of araticum in the whole state were selected from January 2000 to July 2002. In each area, thirty to forty mother trees were selected. The experimental research corresponds to the hierarchical model for the fruit production, and that means that the original data was submitted to an analysis of variance. The spatial phenotypic

  15. Pre-germinative treatments in okra seeds in different stadiums of fruit maturationTratamentos pré-germinativos em sementes de quiabo em diferentes estádios de maturação do fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Maria Peixoto de Macedo

    2011-12-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the influence of the pre-soak and of the thermotherapy in the germination and in the energy of the okra seeds (Abelmoschus esculentus in different stadiums of maturation of the fruit. The design used was the entirely randomized with four repetitions, in a factorial outline 5 x 9, five maturation stadiums (green, semi-hard, hard, dry and dehiscent and nine treatments pre-germination: pre-soak for immersion of the seeds in water to the temperature of 30ºC for 6, 12 and 24 hours; immersion of the seeds in water to 40, 50, 60 and 70ºC for 3 minutes; thermotherapy for immersion of the seeds in water to the ebullition temperature (97ºC until cooling and intact seeds (control. The seeds were sowed in paper-towel rolls and they were maintained in camera type BOD regulated to 20-30ºC and photoperiod of 8-16 hours. The okra seeds originating from dry and dehiscent fruits presented larger germination performance. The pre-germination treatments more effective to accelerate the germination of seeds obtained from dry and dehiscent fruits are the pre-soak for 6 hours and thermotherapy at 60 °C for 3 minutes, respectively.O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da pré-embebição e da termoterapia na germinação e no vigor das sementes de quiabo (Abelmoschus esculentus em diferentes estádios de maturação do fruto. O delineamento foi o inteiramente casualizado com quatro repetições, num esquema fatorial 5 x 9, cinco estádios de maturação (verde, semi-duro, duro, seco e deiscente e nove tratamentos pré-germinativos: pré-embebição por imersão das sementes em água à temperatura de 30ºC por 6, 12 e 24 horas; imersão das sementes em água a 40, 50, 60 e 70ºC por 3 minutos; termoterapia por imersão das sementes em água à temperatura de ebulição (97ºC até esfriar e sementes intactas (testemunha. As sementes foram semeadas em rolos de papel-toalha que foram mantidos em câmara tipo

  16. ÁCIDOS FENÓLICOS E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE EM FRUTO DE PHYSALIS PERUVIANA L

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ismael Ivan ROCKENBACH

    2009-06-01

    Full Text Available

    Physalis peruviana (physalis é uma fruta exótica com produção crescente no Brasil, havendo poucos trabalhos científicos realizados sobre a mesma. O objetivo deste estudo foi investigar o potencial antioxidante da fruta physalis e seu perfil de ácidos fenólicos. Foram determinados o conteúdo total de compostos fenólicos através do método Folin-Ciocalteau e a atividade antioxidante através do método ABTS (2,2´azino-bis-3-etilbenzotiazolin 6-ácido sulfônico em diferentes extratos. O perfil de ácidos fenólicos presentes em diferentes frações na fruta também foi determinado. O teor de compostos fenólicos totais obtido para o extrato metanólico foi de 57,9 mg GAE 100g-1 fruta fresca e a atividade antioxidante de 31 μMol g-1. Foram encontrados 10 ácidos fenólicos nas três frações avaliadas, predominando os ácidos salicílico e protocatequínico. A fração de ácidos fenólicos esterificados solúveis apresentou maior conteúdo de fenólicos totais (346,1 mg 100g-1 refletindo na maior atividade antioxidante, expressa como valor TEAC (185,3 μMol 100g-1. Os resultados obtidos mostraram alto conteúdo de fenólicos totais e considerável atividade antioxidante para o fruto physalis, comparáveis a diversas outras frutas tradicionalmente consumidas no Brasil. Assim, o fruto physalis pode ser considerado uma boa fonte de compostos antioxidantes naturais.

  17. CONTROL DE FUMAGINA (Capnodium mangiferae Cooke & Brown CON BIOFUNGICIDAS EN HOJAS Y FRUTOS DE MANGO “MANILA”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andres Rebolledo-Martinez

    2013-11-01

    Full Text Available La fumagina (Capnodium mangiferae Cooke & Broome es una de las enfermedades más importantes en México, después de la antracnosis (Colletotrichum gloeosporioides Penz. y la roña (Elsinoe mangiferae Bitanc. & Jenkins, que afecta el rendimiento y la apariencia de frutos de mango. Se evaluó el efecto de siete fungicidas orgánicos, uno químico, el método de embolsado de frutos y un testigo en el control de fumagina en hojas y frutos de mango “Manila”, en Veracruz, México. Los resultados mostraron que los biofungicidas Bio hcaz 3.5, Bio fyb 1.5, Fungicus ph 4 y Fungicus ph 8 alcanzaron valores del 95 % de hojas en las categorías sano y ligero (daños inferiores del 5 %. El porcentaje de frutos sanos fue de 98 % para el embolsado, 82 % para el Benomil, 80 % para Sunset 3 y 78 % para Sulfocop 4 y Bio fyb 1.5. Bio fyb 1.5 mostró buen control de la fumagina en hoja y frutos. La aplicación de productos orgánicos no influyó en rendimiento y calidad de frutos.

  18. CONTENIDO DE ALGUNOS COMPUESTOS ANTIOXIDANTES EN TRES ESTADOS DE MADUREZ Y DOS LOCALIDADES EN FRUTOS DE MEMBRILLO CIMARRÓN (Malacomeles denticulata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Guadalupe Herrera-Hernández

    2013-01-01

    Full Text Available Este trabajo tuvo como objetivo evaluar los parámetros CIELAB de luminosidad (L*, cromaticidad (C* y el ángulo de saturación del color Hue (H°, así como el contenido de taninos, fenoles totales y antocianinas en el fruto de dos poblaciones silvestres de membrillo cima - rrón en tres estados de madurez. La luminosidad (L* se redujo 51 y 66 % para el fruto colectado en La Valenciana y El Derramadero, respectivamente. La cromaticidad (C* del fruto disminuyó en niveles muy parecidos y los niveles de Hue se incrementaron. Los fenoles solubles totales disminuyeron de entre 763.0 y 834.5 mg·100 g -1 en el estado inmaduro, de entre 497.5 y 538.5 mg·100 g -1 en el estado sobremaduro. Los taninos condensados también se redujeron conforme el fruto maduró. Las antocianinas totales se incrementaron de entre 10.08 y 14.7 mg·100 g -1 en el estado inmaduro, de entre 16.57 y 17.72 mg·100 g -1 en el estado sobremaduro. El contenido de compuestos fenólicos y taninos en el membrillo cimarrón es de 10 a 20 % mayor en comparación con muchos frutos de consumo común. Este fruto puede ser considerado un alimento con propiedades nutracéuticas.

  19. Aplicação de reguladores vegetais no retardamento da abscisão de frutos de laranjeira-'Hamlin'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ALMEIDA ISOLINA MARIA LEITE DE

    2002-01-01

    Full Text Available O trabalho avaliou os efeitos de auxinas e giberelina, combinadas e aplicadas em pré-colheita no desenvolvimento e na porcentagem de queda natural dos frutos de laranjeira-'Hamlin' (Citrus sinensis Osbeck. Foram realizadas 3 aplicações a intervalos de 45 dias dos seguintes tratamentos, via foliar: GA3 + NAA a 12,5mg.L-1 de cada; GA3 + NAA a 25mg.L-1; GA3 + 2,4-D a 12,5mg.L-1; GA3 + 2,4-D a 25mg.L-1; NAA + 2,4-D a 12,5mg.L-1; NAA + 2,4-D a 25mg.L-1; testemunha (água. As variáveis avaliadas foram: porcentagem de queda natural dos frutos (%, massa fresca de frutos (g e teor de suco no fruto (%. Os resultados obtidos mostram que a utilização de reguladores vegetais atrasa a queda natural de frutos de laranjeira-'Hamlin', podendo-se prolongar o período de colheita, destacando-se o tratamento com GA3 25mg.L-1 +2,4-D 25mg.L-1 e também não influenciaram no aumento da massa fresca e no teor de suco dos frutos.

  20. Caracterização de frutos, sementes, plântulas e germinação de Jeniparana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rejane Maria da Silva

    2014-10-01

    Full Text Available Gustavia augusta L., conhecida popularmente como jeniparana, é uma espécie arbórea neotropical, que ocorre nas florestas Atlântica e Amazônica. Considerando-se a abundância dessa espécie na floresta Atlântica e a fragilidade e fragmentação desse ecossistema, objetivou-se, com este trabalho, caracterizar seus frutos, sementes, germinação e plântulas, acrescentando informações para subsidiar estudos sobre sua conservação e utilização. Os frutos maduros foram coletados em fragmentos de floresta Atlântica, no município de Paulista, PE. Em seguida, foram realizadas análises morfológicas e biométricas dos frutos, sementes e plântulas da espécie. O fruto de G. augusta é um pixídio globoso, anfissarcídio, pentalocular, indeiscente. A semente é exalbuminosa, estenospérmica, trisseriada, bitegumentada e a massa de cem sementes desse lote foi de 47,95 g. A germinação da espécie é do tipo hipógea, com o tegumento aderido aos cotilédones na fase inicial do crescimento da plântula, que tem início a partir do quinto dia após a semeadura, em condições de laboratório. O tempo médio e o índice de velocidade de germinação (IVG foram de 14 dias e 0,87, respectivamente. A plântula com 40 dias apresenta todas as estruturas, sendo classificada no tipo morfofuncional fanerohipógeo-armazenador (PHR.

  1. DISTRIBUCIÓN, LOCALIZACIÓN E INHIBIDORES DE LAS POLIFENOL OXIDASAS EN FRUTOS Y VEGETALES USADOS COMO ALIMENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime Morante Carriel

    2014-12-01

    Full Text Available Las polifenol oxidasas (PPOs son enzimas ubicuas que catalizan la reacción dependiente de oxígeno que transforma o-difenoles en o-quinonas. Estas quinonas son reactivas y capaces de modificar covalentemente un amplio abanico de especies nucleófilas, del interior de las células, que conduce a la formación de polímeros marrones, conocido como pardeamiento enzimático. El fenómeno de pardeamiento durante el crecimiento, recogida, almacenamiento y procesado de frutos y vegetales, es un problema de primera magnitud en la industria agroalimentaria y se reconoce como una de las principales causas de pérdidas de calidad y valor comercial. Produce cambios importantes tanto en la apariencia como en las propiedades organolépticas de frutos y vegetales comestibles, además suele ir asociado al desprendimiento de olores y efectos negativos sobre el valor nutricional. Aunque las PPOs se han descrito en diversos tejidos de plantas como raíces, semillas, hojas y frutos, el control de este fenómeno requiere un conocimiento bioquímico del tipo de sustratos fenólicos presentes en cada planta, el nivel de compuestos reductores, el nivel de accesibilidad del O2, de la naturaleza de los diferentes compuestos oxidables y de la polimerización y degradación de las o-quinonas. En este trabajo se presenta una revisión del efecto bioquímico, distribución, localización y posibles inhibidores de las PPOs en frutos y vegetales usados como alimento.

  2. Avaliação fenotípica de características de frutos em duas famílias de meios-irmãos de goiabeira-serrana (Acca sellowiana Berg. de um pomar comercial em São Joaquim, SC Phenotypic evaluation of fruit traits of two half sib families of feijoa (Acca sellowiana Berg. from an orchard in São Joaquim, Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Degenhardt

    2003-12-01

    Full Text Available Frutos de um pomar comercial composto por progênies de duas plantas matrizes foram avaliados, com o objetivo de caracterizar a variabilidade fenotípica. As características peso de fruto, diâmetro e sólidos solúveis totais apresentaram diferenças estatísticas significativas entre as médias de famílias em pelo menos dois dos anos avaliados, enquanto para comprimento e rendimento de polpa a diferença não foi significativa. Houve diferença significativa entre médias de anos, dentro de cada família, para todas as características, com exceção das médias de peso de fruto entre 1998 e 1999 nas duas famílias e as médias de sólidos solúveis totais entre 1998 e 1999 em uma família e entre 1999 e 2000 na outra família. As correlações e regressões entre características produtivas mais relevantes foram obtidas entre peso de fruto e peso de casca, peso de fruto e comprimento, peso de fruto e diâmetro, peso de casca e comprimento, peso de casca e diâmetro e comprimento e diâmetro.Fruits of a commercial orchard originated by seedlings from two plants were evaluated, with the objective to characterize the phenotypic variation. Statistical differences were found among family means in at least two years for fruit diameter and solids soluble contents, but not for fruit length and pulp revenue. There were statistically significant differences in means among year means, within each family, for all the fruits traits, except for fruit weight between 1998 and 1999 in both families, and for soluble solids contents between 1998 and 1999 for family 1 and between 1999 and 2000 for the other family. The most important correlations and regressions among productive traits were obtained among fruit weight and peel weight, fruit weight and length, fruit weight and diameter, peel weight and length, peel weight and diameter and length and diameter.

  3. EFECTO DE LA INCLUSIÓN DEL FRUTO DE Guazuma ulmifolia COMO SUSTITUTO DE MAÍZ EN LA DIETA SOBRE EL COMPORTAMIENTO PRODUCTIVO Y RENDIMIENTO EN CANAL DE OVINOS PELIBUEY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Gómez-Gurrola

    2014-08-01

    Full Text Available El trabajo se realizó con el objetivo de evaluar el comportamiento productivo de ovinos pelibuey, rendimiento de la canal y costos por concepto de alimentación, al sustituir maíz por 15 y 26% de fruto de Guazuma ulmifolia molida.  Se realizó el análisis químico, digestibilidad in vitro e in situ del fruto.  En la prueba de comportamiento se utilizaron 27 animales (machos y hembras con un peso inicial de 16.159 ± 3.615 kg promedio.  Se evaluó consumo de alimento, ganancia de peso, conversión alimenticia,  costo de la ración.  Los animales se sacrificaron a los 38.258±3.684 kg. Para evaluar las características de la canal fueron seleccionados al azar y sacrificados 4 animales por tratamiento con peso promedio de 38.258±3.684 kg Para las características de la canal se evaluaron 4 animales por tratamiento. Las variables medidas fueron largo de la canal, largo del lomo, peso promedio de las piernas, de cuartos delanteros y del espinazo, costilla y lomo, peso de la canal caliente, rendimiento de la canal caliente y costo por kilogramo de canal caliente producida. Los resultados obtenidos fueron analizados por medio de análisis de covarianza para un diseño de bloques al azar, usando como covariable peso inicial en las variables productivas y peso al sacrificio en las características de la canal. La diferencia entre medias se realizó con la prueba de Tukey (P<0.05. El análisis químico del fruto mostró un contenido (% de 12.8 proteína cruda, 63.5 fibra neutro detergente, 54 fibra ácido detergente, 70 total de nutrientes digestibles, 51 digestibilidad in vitro, 48.3 in situ, a=6.5 y b=37.5 y c=0.025. El peso final de los animales para T1, T2 y T3 fue de 30.422 ± 4.790, 29.336 ± 5.802 y 28.456 ± 4.907 Kg, respectivamente (P˃0.05; La ganancia total de peso (GTP fue de 13.911 ± 2.742ay 13.489 ± 4.144a 12.356 ± 2.339b Kg (P

  4. ENTOMOFAUNA ASSOCIADA AOS FRUTOS DO BACUPARI, Salacia folia (MART. PEYR, NOS CERRADOS DO BRASIL CENTRAL INSECTS ASSOCIED WITH BACUPARI FRUIT, Salacia crassifolia (Mart. PEYR, IN THE SAVANNAHS OF CENTRAL BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juracy Rocha Braga Filho

    2007-09-01

    Full Text Available

    O bacupari, Salacia crassifolia (Mart. Peyr, (Hippocrateaceae é uma frutífera nativa da região dos cerrados, utilizada pela fauna e também pela população da região, embora seus frutos sejam muito atacados pelas moscas-das-frutas, e por isso seu consumo fica limitado. De polpa branca à alaranjada, de sabor levemente ácido e muito agradável os frutos dessa espécie podem ser consumidos ao natural ou na forma de sucos. Neste trabalho apresenta-se um levantamento da entomofauna associada aos frutos do bacupari, coletados em 11 municípios da região dos cerrados no Estado de Goiás, no período de setembro de 1995 a dezembro de 1999. No Laboratório de Entomologia da Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás, esses frutos foram, inicialmente, contados e pesados e, posteriormente, acondicionados em caixas de polipropileno com areia úmida para obtenção de pupários e insetos adultos. Tephritidae foi a família mais freqüente nos frutos do bacupari, com 54,22% dos insetos coletados. Nessa família foram registradas as espécies Anastrepha sp. (espécie nova em fase de descrição, A. zenildae, A. obliqua, A. fraterculus, A. sororcula e A. serpentina. Na família Lonchaeidae foi coletada Neosilba sp., em Muscidae, Atherigona orientalis e espécimes da família Oititidae. Dessas moscas foram obtidos os parasitóides Doryctobracon sp. (espécie nova, D. areolatus, Dicerataspis flavipes, Lopheucoila anastrephae, Aganaspis nordlanderi e A. pelleranoi. Foram coletados isoladamente no mesmo fruto exemplares de Anastrepha sp. e Lonchaeidae e Anastrepha sp. e A. zenildae

  5. Cambios en la Actividad Antioxidante Durante el Desarrollo de Frutos de Psidium cattleianum Sabine (Myrtaceae / Changes in the Antioxidant Activity During the Development in Fruits of Psidium cattleianum Sabine (Myrtaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Villacorta Lozano Verónica

    2013-08-01

    Full Text Available Resumen. Psidium cattleianum Sabine, conocida como casdulce, guayaba japonesa, guayaba peruana y guayaba fresa, es un árbol originario de América del Sur. Estudios preliminares en esta especie han sugerido una elevada actividad antioxidante, un alto contenido fenólico y un gran potencial nutricional y funcional. En esta investigación se analizó la evolución de varios componentes del sistema de defensa antioxidante no enzimático, durante el crecimiento y maduración de los frutos de Psidium cattleianum Sabine. El periodo de crecimiento de los frutos presentó la actividad antioxidante más elevada, medida a través de las técnicas TEAC-DPPH y TEAC-ABTS (Trolox equivalent antioxidant capacity, FRAP (Ferric reducing/antioxidant powery ORAC (Oxigen Radical Absorbance Capacity, así como elcontenido máximo de fenoles totales, entre los que destacaron los ácidos clorogénico, cafeico y p-coumárico, y de sustancias no polifenólicas como el ácido ascórbico. Durante el periodo de maduración, se observó una disminución de la actividad antioxidante, posiblemente promovida por la pérdida gradual de algunos compuestos polifenólicos, así como también, debido a la aparición de otros compuestos como las antocianinas. Los resultados mostraron que estos frutos contienen un alto contenido de sustancias con actividad antioxidante, lo cual soporta el desarrollo de esta especie como nueva alternativa productiva / Abstract. Psidium cattleianum Sabine, known as cas sweet, japanese guava, peruvian guava and strawberry guava, is a tree native to South America. Preliminary studies in this specieshave suggested a high antioxidant activity, a high phenoliccontent and great nutritional and functional potential. In thisstudy, the evolution of some components of the non-enzimatic antioxidant defense system was analized during growth and ripening of fruit of Psidium cattleianum Sabine. The growing period of the fruits presented the highest antioxidant

  6. Caracterização anatômica das folhas, frutos e sementes de Sapindus saponaria L. (Sapindaceae Anatomical features of leaves, fruits and seeds of Sapindus saponaria L. (Sapindaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kathia Socorro Mathias Mourão

    2001-05-01

    Full Text Available A anatomia das folhas, frutos e sementes de Sapindus saponaria L., espécie utilizada no combate a úlceras e inflamações da pele, foi estudada utilizando-se material fresco e fixado, com a finalidade de subsidiar estudos taxonômicos e farmacobotânicos. Analisaram-se cortes em diferentes planos, obtidos à mão livre ou com micrótomo, em lâminas semipermanentes e permanentes, corados com safrablau. As folhas compostas, apresentam folíolos de ápice acuminado e base assimétrica, glabros na face superior e pubescentes na inferior. Drusas e cristais prismáticos ocorrem no mesofilo dorsiventral. O fruto é esquizocarpo indeiscente com até três mericarpos desenvolvidos. O exocarpo apresenta células isodiamétricas com cutícula espessa e muitas lenticelas. No mesocarpo parenquimático encontram-se cavidades secretoras, idioblastos cristalíferos contendo drusas e cristais prismáticos. O endocarpo é constituído por fibras lignificadas, dispostas em diagonal. As sementes são bitegumentadas, exotestais, e exalbuminosas. Nas folhas e frutos secos e triturados (droga destacam-se: fragmentos das faces adaxial e abaxial da epiderme com tricomas íntegros, do mesofilo parenquimático, do pericarpo e drusas e cristais prismáticosThe anatomical features of leaves, fruits and seeds of Sapindus saponaria L., a species used in the combat of ulcers and skin diseases, are described. Samples from fresh and fixed material are analyzed for taxonomic and pharmacognostical studies. Anatomical description was undertaken by the analysis of semi-permanent and permanent slides made with different sections of leaves and fruits stained with safranin and astra blue. Compound leaves present leaflets with acuminate apex and asymmetric base, glabrate in the adaxial and pubescent in abaxial surface. Druses and prismatic crystals occur in the dorsiventral mesophyll. Fruit is an indehiscent schizocarp, which has up to three developed mericarps. The exocarp is

  7. Caracterização dos frutos e germinação de sementes dos porta-enxertos trifoliata Flying Dragon e citrumelo Swingle Characterization of fruits and seeds germination of rootstock trifoliata Flying Fragon and citrumelo Swingle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe Almendagna Rodrigues

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se realizar a caracterização fitotécnica dos frutos e avaliar o efeito da remoção do tegumento da semente e do uso do GA3 e do bioestimulante (Stimulate® sobre a germinação de sementes dos porta-enxertos de citros Flying Dragon e citrumelo Swingle. A caracterização fitotécnica compreendeu a massa do fruto, o diâmetro transversal e longitudinal e a espessura da "casca" e a contagem de sementes viáveis e inviáveis por fruto. Realizou-se um experimento para cada porta-enxerto, em casa de vegetação sob nebulização intermitente, e as avaliações foram a cada 3 dias, após o início do processo germinativo, verificando-se porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação. A utilização do GA3 e a retirada do tegumento em sementes do porta-enxerto Flying Dragon aumentam a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação, e para o porta-enxerto citrumelo Swingle, a retirada do tegumento das sementes aumenta a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação.The objective was phytotechnical characterization of fruits, assess the effect of removing the husk of the seed, the influence of GA3 and growth promoter (Stimulate® on the germination of seeds of rootstock Flying Dragon and citrumelo Swingle. The phytotechnical characterization included the weight of the fruit, transverse and longitudinal diameter and thickness of the "peel" and the counting of viable and unviable seeds per fruit. There was an experiment for each rootstock in green house under intermitent mist and the evaluations were every 3 days after the beginning of the germination process, there is percentage of germination and germination speed. The use of GA3 and removal of seed husk of the rootstock Flying Dragon increase the germination percentage and germination speed, and the rootstock citrumelo Swingle removal of the husk of seeds increase the germination percentage and the germination speed.

  8. Aspectos da biologia floral relacionados à produção de frutos de pinha (Annona squamosa L. = Floral biology aspects related to the production of sugar apple (Annona squamosa L. fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Generosa Sousa Ribeiro

    2007-10-01

    Full Text Available O Estado da Bahia é o maior produtor de pinha no Brasil, apresentando uma área produtiva que ultrapassa os 5.400 ha. Para a boa produtividade e qualidade dos frutos, estudos relacionados à polinização são fundamentais e fornecem dados que subsidiamprogramas de fitomelhoramento. Este trabalho objetivou o estudo de aspectos da biologia floral relacionados à produção de frutos de pinha. O estudo foi realizado em dois pomares comerciais da região Sudoeste do Estado da Bahia, compreendendo: observação dodesenvolvimento floral; coleta e armazenamento dos grãos de pólen em duas condições de temperatura; análise da viabilidade e germinabilidade do pólen e polinização manual em cinco horários após a coleta do pólen. O delineamento experimental utilizado foi ointeiramente casualizado. Os resultados demonstraram que a antese ocorre às 5 horas da manhã nas condições edafoclimáticas avaliadas; os grãos de pólen permanecem viáveis por até 12 horas, permitindo a produção de frutos com peso comercial.The State of Bahia is the largest producer of sugar apple inBrazil, reaching a production area of 5,400 ha. In order to ensure good fruit productivity and quality, studies related to pollination are essential, and provide data that subsidize phyto-improvement programs. The objective of this work was the study of floral biologyaspects linked to the production of sugar apple. The study was carried out in two commercial orchards in the Southwestern region of the State of Bahia, Brazil, comprising the following steps: observation of the morphological characteristics of the flowers;collection and storage of pollen grains under two temperature conditions; analysis of the viability and pollen germinability; and manual pollination at five different times after collecting the pollen grains. The experimental design used was entirely randomized blocks. The results provided by the regression analysis and by the variance analysis enabled the

  9. Yield and fruit quality of papaya as function of types and levels of Biofertilizers / Produtividade e qualidade de frutos do mamoeiro em função de tipos e doses de biofertilizantes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márkilla Zunete Beckmann-Cavalcante

    2007-08-01

    Full Text Available Biofertilizers are organic products usually obtained from an anaerobic process, evaluated mainly as phytoprotectors for agriculture, although they can improve fruit production. By this way, a field experiment was carried out in Remígio County, Paraiba State, Brazil, to evaluate the effects of two bovine biofertilizers on yield, medium mass and quality of papaya fruits (Carica papaya L., ‘Baixinho de Santa Amália’ cultivar. Treatments were distributed in a randomized complete blocks design with three replications and 15 plants in each parcel, in a 2 x 5 factorial arrangement, with two biofertilizers: simple (water and fresh bovine manure and supermagro (water, fresh bovine manure, macro and micronutrients and a protein mix, applied in soil under liquid form at five volumes, as follows: 0.0; 0.5; 1.0; 1.5; e 2.0 L cave-1. There was no statistical difference between biofertilizers for fruit mass, yield and external and internal fruit quality variables, while between volumes differences were registered for both biofertilizers. The results, except for fruit firmness, registered positive effects of the biofertilizers on ‘Baixinho de Santa Amália’ papaya cultivar in relation to yield and physical and chemical fruit quality.Os biofertilizantes são produtos orgânicos geralmente obtidos via anaerobiose, estudados, principalmente, como fitoprotetores para a agricultura, mas que podem também incrementar a produção das plantas. Nesse sentido, um experimento de campo foi desenvolvido, no período de maio/2003 a agosto/2004, no município de Remígio-Pb, para avaliar os efeitos de dois biofertilizantes bovinos sobre a massa média, produtividade e a qualidade externa e interna dos frutos do mamoeiro Havaí (Carica papaya L. cultivar ‘Baixinho de Santa Amália’. Os tratamentos foram dispostos em blocos casualizados com três repetições e 15 plantas por parcela, em esquema fatorial 2 x 5,sendo dois biofertilizantes: puro (água e esterco

  10. Efeito dos compostos naturais bioativos na conservação pós-colheita de frutos de mangueira cv. Tommy Atkins Effects of bioactive natural compounds on the postharvest conservation of mango fruits cv. Tommy Atkins

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Julia da Silva Cruz

    2010-04-01

    Full Text Available A antracnose causa severos danos na pós-colheita de manga. Como o controle químico tem demonstrado desvantagens, o potencial uso de óleos essenciais para o controle de fitopatógenos tem sido uma alternativa. Neste trabalho, objetvou-se avaliar a eficácia de produtos alternativos no controle da antracnose e na conservação de mangas (Mangifera indica cv. Tommy Atkins tratado com bicarbonato de sódio diluído em água destilada, na concentração de 3% (v/v, via imersão. Como tratamento, foram utilizados os óleos essenciais de Origanum majorana, Citrus sinensis, Cymbopogon citratus e Eucalyptus citriodora, via fumigação, na dosagem de 1000 μL e água destilada via fumigação; todos por 3 minutos. Frutos da Unidade CEASA-Maringá/PR, selecionados, pesados em balança semianalítica, desinfetados em imersão por 3 minutos em solução de hipoclorito de sódio a 0,5% (v/v; foram submetidos aos tratamentos, permanecendo sob condições ambientes (26 ± 2ºC e UR 90 ± 5%. Exceto o tratamento com Citrus sinensis, que proporcionou um pH maior do que a testemunha, diferindo significativamente dos demais tratamentos que elevaram a variável. A redução da acidez em todos os tratamentos e aumentos dos sólidos solúveis totais nos frutos, sendo que o tratamento com bicarbonato de sódio proporcionou 14,42 ºBrix. O número de frutos com antracnose foi menor no tratamento com Citrus sinensis e este diferiu dos demais comprovando o efeito de espécies do gênero Citrus como antifúngicos. O uso de óleos essenciais como o de Citrus sinensis controlou a antracnose e manteve a qualidade dos frutos.The anthracnose causes severe damages to the mango post-harvest. As chemical control has shown disadvantages, the potential of use of essential oils has been an alternative for the phytopathogen control. The objective of the present work was to evaluate the efficacy of alternative products in the anthracnose control and in the conservation of mangos

  11. Celulitis por citomegalovirus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Ruiz Lascano

    2002-12-01

    Full Text Available Las lesiones cutáneas por citomegalovirus (CMV son infrecuentes y a menudo una manifestación tardía de una enfermedad sistémica, que generalmente anuncia un curso fatal. Comunicamos un caso de celulitis por CMV: una mujer de 70 años con trasplante renal efectuado 1 mes antes de la consulta, terapia inmunosupresora con ciclosporina A y metilprednisona. La paciente ingresó por fiebre, dolor e impotencia funcional en pierna derecha. Comprobamos la existencia de una placa de 8 por 4 cm eritematoedematosa. La tratamos con antibióticos sin mejoría, por lo que realizamos un estudio histopatológico de piel que mostró cambios citopáticos compatibles con infección por CMV. Los cultivos bacteriológicos y micológicos fueron negativos. La inmunohistoquímica específica para CMV y el estudio de reacción en cadena de la polimerasa (PCR de la biopsia de piel fueron positivas, al igual que la antigenemia. El tratamiento con ganciclovir produjo la mejoría del cuadro clínico. En la literatura revisada no hemos encontrado la celulitis como manifestación de enfermedad cutánea por CMV.

  12. Aproximación proteómica al estudio de la respuesta diferencial del metabolismo energético al estrés por bajas temperaturas en tomate y pimiento

    OpenAIRE

    Sánchez-Bel, Paloma; Egea, Isabel; Sánchez Ballesta, M. Teresa; Sevillano, Laura; Martínez Madrid, María Concepción; Romojaro Almela, Félix Ramón; Bolarín, María C.; Flores, Francisco B.

    2012-01-01

    Tomate (Solanum lycopersicum) y pimiento (Capsicum annuum), son dos especies hortofrutícolas pertenecientes a la familia Solanaceae susceptibles a sufrir daños por frío cuando se almacenan a bajas temperaturas, lo que afecta seriamente a la calidad de los frutos, siendo causa de importantes pérdidas económicas en el sector agro-alimentario. Una de las principales respuestas celulares al estrés por bajas temperaturas consiste en el mantenimiento de la homeostasis osmótica por la acumulación de...

  13. Efeitos de mbta [cloridrato de n,n-dietil-2-(4-metilbenziloxi etilamina] na produtividade e na qualidade dos frutos da laranjeira 'pêra' (Citrus sinensis L. Osbeck Effects of mbta [n,n-diethyl-2-(4-metylbenzyloxy ethylamine hydrochloride] on yield and fruit quality of 'pêra' sweet orange (Citrus sinensis L. Osbeck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chryz Melinski Serciloto

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos do biorregulador MBTA [cloridrato de N,N-dietil-2-(4-metilbenziloxi etilamina] aplicado em diferentes épocas e concentrações na produtividade e qualidade dos frutos da laranjeira 'Pêra'. Em duas safras consecutivas, o MBTA foi aplicado em três diferentes concentrações (8; 16 e 32 mg L-1 e em duas diferentes fases fenológicas (25% e 100% de flores abertas, em árvores cítricas adultas, utilizando um volume de 7 litros de solução por planta, acompanhado do adjuvante Silwett L-77 0,05%. Foram amostrados 20 frutos por planta, em quatro diferentes épocas estudadas, para determinar o teor de sólidos solúveis (SS; acidez titulável (AT; quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg; pH; rendimento de suco; "ratio" (relação SS/AT, e a massa média dos frutos. Os efeitos do MBTA variaram de acordo com a concentração aplicada e com a fase fenológica de aplicação. O MBTA, na concentração de 8 mg L-1, aplicado com 25% das flores abertas, incrementou o teor de sólidos solúveis, a acidez, a quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg e a produtividade. Esse mesmo tratamento também reduziu a massa média dos frutos e não alterou o rendimento de suco e o "ratio" do suco dos frutos. O incremento médio foi de 0,49 a 0,65% na concentração de sólidos solúveis, de 0,11 a 0,13 kg na quantidade de sólidos solúveis por caixa de 40,8 kg e de 20,4 kg/planta na produtividade.The purpose of this research was to evaluate the effects of MBTA [N,N-diethyl-2-(4-metylbenzyloxy ethylamine hydrochloride] bioregulator applied on different times and concentrations on the yield and fruit quality of 'Pera' sweet orange. In two consecutive harvest seasons, the MBTA was sprayed in three different concentrations (8; 16 and 32 mg L-1 and in two different phenological phases (25% and 100% open flowers in citrus mature trees, using 7 L of spray per tree added with Silwett L-77 adjuvant at 0

  14. ASPECTOS CLÍNICOS DA INTOXICAÇÃO EXPERIMENTAL DE BOVINOS PELOS FRUTOS DE Stryphnodendron fissuratum MART. (“ROSQUINHA”

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriano Felipe Arantes

    2006-10-01

    Full Text Available Neste experimento foram utilizados quinze bovinos machos, mestiços, com idades entre dez e quatorze meses, pesando entre 96 e 214 kg e divididos em três grupos, com cinco animais cada. Os animais dos grupos I, II e III foram submetidos à ingestão forçada de 30g/kg, 20g/kg e 10g/kg de peso vivo de frutos triturados de Stryphnodendron fissuratum (“rosquinha”, respectivamente, em uma única parcela. Um animal de cada grupo foi considerado como controle e, portanto, não recebeu o tratamento estabelecido para o seu respectivo grupo. Observaram-se algumas variações clínicas relacionadas à dose e ao tempo, contudo o quadro tóxico caracterizou-se predominantemente, nos três grupos, por apatia, pêlos eriçados, atonia ou hipotonia rumenal, anorexia, ausência de ruminação, fezes pastosas ou sob a forma de cíbalos, fétidas e algumas vezes enegrecidas. Subseqüentemente, observaram-se bruxismo, mugido prolongado, sialorréia espumosa, movimentos vazios de apreensão de alimentos, desidratação, lacrimejamento, midríase com reflexo pupilar presente, mania de lamber de forma contínua objetos ou partes do corpo, principalmente membros anteriores, incoordenação, tremores do pescoço e cabeça, posicionamento em decúbito external com a cabeça desviada em direção ao flanco ou apoiada no solo pelo muflo nasal. Os animais intoxicados dos grupos I, II e III vieram a óbito nos intervalos de 2 a 5 dias, 3 a 8 dias e 6 a 11 dias, respectivamente. PALAVRAS-CHAVE: Bovino, plantas tóxicas, Stryphnodendron fissuratum.

  15. Desempenho de derriçadora portátil de frutos do cafeeiro Performance of fruits portable harvester in the detachment of coffee plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiano M. A. de Souza

    2005-12-01

    Full Text Available Este trabalho avaliou o desempenho de uma derriçadora portátil para cafeicultura de montanha durante a colheita de frutos de cafeeiros Catucaí e Catuaí, em vários estádios de desenvolvimento. Foram determinados as características dos cafeeiros, as curvas características do motor da derriçadora, a capacidade e a eficiência de derriça, o consumo de energia, a desfolha e o nível de ruído emitido pela máquina. A derriçadora portátil teve desempenho satisfatório por apresentar baixa desfolha e número de galhos quebrados, capacidade de derriça regular, baixo consumo específico de energia e elevada eficiência de derriça. O nível de ruído aumentou com o aumento da potência requerida na derriça.The portable harvester performance was evaluated for mountain coffee during the detachment of the fruits in different ages of the plants. The performance evaluation of the portable harvester was accomplished with four ages of plants and two coffee varieties. The coffee plant characteristics, the curve characteristics of the portable harvester engine, the detachment capacity and efficiency, the specific energy consumption, the mechanical damage and the noise level emitted by the machine were evaluated. The portable harvester held out a satisfactory performance by presenting less mechanical damage and number of broken branches, a regular detachment capacity, low specific energy consumption and high detachment efficiency. The noise level increased with the increasing of the power requirement.

  16. Correlação entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiros na geração F2 cultivados em região subtropical Correlation between quantitative and qualitative characteristics of fruits of peach trees grown in subtropical conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira Silva

    2013-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as relações entre características quantitativas e qualitativas de frutos de pessegueiro, cultivados em região subtropical. Para isso foram utilizados frutos totalmente maduros, obtidos de cinco populações, em geração F2, cultivadas em condições de clima subtropical. Foram avaliados: coloração da epiderme (coordenadas b* e h°, diâmetro médio do fruto, comprimento do fruto, firmeza instrumental da polpa, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, teor de ácido ascórbico, percentagem de vermelho na epiderme, coloração da polpa, aderência do caroço, consistência manual da polpa e época de colheita. Os dados foram utilizados para obtenção de coeficientes parciais de correlação entre todas as variáveis. Observou-se variação entre os valores obtidos para cada característica. Há correlações parciais significativas a 1% de probabilidade, de intensidades médias e fracas, entre as características estudadas de frutos de pessegueiro. As maiores correlações foram obtidas entre comprimento e diâmetro de frutos (0,690** e entre os descritores b e h, obtidos por meio de colorímetro (0,516**. Frutos mais tardios apresentam, geralmente, maior firmeza de polpa, menores teores de vitamina C e menos pigmentação amarela na epiderme. Pêssegos de polpa amarela são mais firmes e apresentam maior acidez no suco.The objective this study was to evaluate the relationship between quantitative and qualitative characteristics of peach grown in subtropical regions. Fully ripe fruits obtained from five F2 populations grown in a subtropical climate were evaluated for: skin color (coordinates b* and h°, average fruit diameter, fruit length, pulp instrumental firmness, soluble solids, titratable acidity, ascorbic acid, percentage of red skin, flesh color , flesh adherence to pit, pulp consistency and harvest time. These data were used to obtain partial correlation coefficients of all variables

  17. Herança do formato do fruto em tomateiro do grupo cereja Inheritance of fruit shape in cherry tomato group

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Mascarenhas Maciel

    2008-12-01

    Full Text Available O formato dos frutos do tomateiro é resultado da ação de diversos loci gênicos que podem atuar de diversas formas: isoladamente, com efeitos pleiotrópicos ou interagindo entre si ou com genes responsáveis pelo peso do fruto. Em função disto, o estudo da herança desta característica, importante para o melhoramento da espécie, torna-se complexa e de difícil execução. Este trabalho foi desenvolvido no Setor de Olericultura e Experimentação da Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS, de Julho/2003 a Março/2005 com o objetivo de determinar a herança da forma do fruto em tomateiro do grupo cereja. Foram utilizados dois genótipos selvagens e contrastantes quanto à forma do fruto: fruto comprido (FC e fruto redondo (FR. Cruzamentos recíprocos e retrocruzamentos foram efetuados sendo a forma do fruto, avaliada nas gerações oriundas desses cruzamentos. Todas as plantas da geração F1 produziram frutos redondos. Em F2, 111 plantas produziram frutos redondos e 47 plantas produziram frutos compridos. No retrocruzamento (F1 x FC 47 plantas produziram frutos redondos e 42 plantas produziram frutos compridos. Estes resultados, analisados pelo teste de x2 confirmaram segregação mendeliana 3:1 e 1:1 respectivamente. Concluiuse que o formato dos frutos estudados tem herança monogênica. O alelo que condiciona a forma redonda do fruto tem dominância completa sobre o alelo que confere a forma alongada com possível atuação do locus sun.The tomato fruit shape is a result of action of various gene loci that can act in several ways: alone, with pleiotropic effects or interacting with each other or with genes responsible for the fruit weight. According to this, the study of the inheritance of this characteristic, very important for the improvement of the species, is complex and difficult to implement. This work was carried out at the Horticultural and Experimentation Section of José do Rosário Vellano University, during the

  18. Yield and fruit of papaya ‘sunrise solo’ as function of doses of nitrogen and boron/ Produtividade e qualidade de frutos de mamoeiro ‘sunrise solo’ em função de doses de nitrogênio e boro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raunira da Costa Araújo

    Full Text Available The study aimed to evaluate the yield and fruit quality of papaya ‘Sunrise Solo’ as function of nitrogen and boron fertilization. The experiment had a randomized block design with four replications, two plants per plot with a single border. To make up the treatments, we used the experimental array Plan Puebla III, which set the rates for nitrogen (0.0 to 111.2 - 200 – 288.9 - 400 g plant-1, and B (0.0 – 0.83 - 1.5 – 2.16 - 3.0 g plant-1, in a total of ten treatments. The addition of nitrogen increased the yield, average fruit weight and number of fruits per plant. The nitrogen and boron increased the diameter and length of the fruit, amount of seeds and content of soluble solids. The pH of the pulp decreased linearly with increasing doses of nitrogen and boron. It was observed a significant effect of N rates on the level of vitamin C.O trabalho teve como objetivo avaliar a produtividade e a qualidade de frutos de mamoeiro ‘Sunrise Solo’ em função de doses de nitrogênio e boro. O trabalho foi desenvolvido na fazenda Chan de Jardim no Centro de Ciências Agrárias–UFPB no Município de Areia, em um solo de textura areno-argilosa classificado como Neossolo Regolítico. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com quatro repetições e duas plantas úteis por parcela com bordadura simples. Para a composição dos tratamentos, utilizou-se a matriz experimental Plan Puebla III, onde se definiram as doses para nitrogênio (0,0 - 111,2 – 200 – 288,9 – 400 g planta-1, e para boro (0,0 - 0,83 - 1,5 - 2,16 - 3,0 g planta-1, totalizando dez tratamentos. A adição de nitrogênio aumentou a produtividade, o peso médio dos frutos e o número de frutos por planta. As doses de nitrogênio e boro aumentaram o diâmetro e comprimento do fruto, rendimento de semente e teor de sólidos solúveis totais. O pH da polpa decresceu linearmente com o aumento das doses de N e de boro. Houve efeito significativo das

  19. Germinação, vigor e sanidade de sementes de fava d'anta (Dimorphandra mollis Benth. obtidas de frutos coletados no solo e na planta Germination, vigor and sanity of "fava d'anta" (Dimorphandra mollis Benth. seeds obtained from fruits collected both in the soil and in the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.V. Araujo

    2009-01-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica e sanitária das sementes obtidas a partir de frutos maduros coletados no solo e nas plantas de fava d'anta, espécie medicinal nativa do Cerrado, ameaçada de extinção, cujos frutos são ricos em rutina. O delineamento experimental empregado foi o inteiramente casualizado, com 10 repetições. Cada repetição foi constituída de uma caixa gerbox contendo 15 sementes cada. A qualidade fisiológica foi determinada por meio de testes de germinação e vigor, avaliando-se a porcentagem de germinação, o índice de velocidade de germinação (IVG e a massa seca das raízes primárias. A qualidade sanitária foi determinada pela identificação dos microorganismos patogênicos associados às sementes, bem como pela porcentagem de ocorrência destes em cada parcela. Os fungos identificados nas sementes pertencem aos gêneros Fusarium, Alternaria, Aspergillus, Cladosporium, Colletrotrichum, Helminthosporium, Nigrospora, Penicillum, Phoma e Phomopsis. Sementes oriundas de frutos coletados no solo foram mais contaminadas por agentes patogênicos e apresentaram germinação (56,67%, vigor e sanidade inferiores às sementes obtidas de frutos coletados na planta.The aim of this work was to evaluate the physiological and sanitary quality of seeds obtained from mature fruits collected in the soil and in "fava d'anta" plants. Dimorphandra mollis constitutes an endangered medicinal species native to cerrado and presents fruits rich in rutin. The experimental design was completely randomized, with 10 replicates. Each replicate consisted of a gerbox containing 15 seeds each. Physiological quality was assessed through germination and vigor tests by evaluating germination percentage, germination velocity index (GVI, and primary root dry matter. Sanitary quality was evaluated by identifying pathogenic microorganisms associated with the seeds, as well as their occurrence percentage in each plot. The

  20. Caracterização físico-química de frutos de novos híbridos e linhagens de mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronielli Cardoso Reis

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de mamoeiro quanto às suas características físicas e físico-químicas, para identificar os mais promissores como novas cultivares comerciais. Foram realizadas análises de comprimento, diâmetro, diâmetro da cavidade interna, massa do fruto, espessura da polpa, firmeza do fruto com casca, firmeza da polpa, cor da polpa, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, carotenoides totais e vitamina C em 22 genótipos. Observou-se variação significativa entre os genótipos para as características comprimento e massa dos frutos. Em relação à firmeza dos frutos com casca, 12 genótipos apresentaram firmeza superior à das cultivares comerciais Tainung No 1 e Sunrise Solo. A análise de correlação indicou que frutos com maior comprimento, diâmetro e diâmetro da cavidade interna tendem a apresentar maior peso e espessura de polpa, enquanto frutos com maiores teores de sólidos solúveis tendem a apresentar maior razão sólidos solúveis/acidez titulável, vitamina C e carotenoides totais. A linhagem L72, do grupo Solo, e o híbrido H36.45, do grupo Formosa, apresentam frutos com características físicas e físico-químicas semelhantes ou superiores às das cultivares comerciais Sunrise Solo e Tainung No 1, respectivamente, e, portanto, são promissoras para o mercado.

  1. UTILIZACIÓN DE IMÁGENES DIGITALES PARA MEDICIÓN DEL DIÁMETRO DE FRUTOS DE MANDARINA (Citrus reticulata EN CRECIMIENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Padrón-Pereira

    2014-04-01

    Full Text Available El propósito de este trabajo fue usar imágenes digitales para medir el diámetro ecuatorial de frutos de mandarina durante el crecimiento en el árbol para construir curvas de crecimiento. El experimento se realizó en una parcela (9 m x 5 m, ubicada en Valencia (Venezuela y cultivada con árboles frutales (Acerola, limón, mandarina, palmeras creciendo naturalmente. Se seleccionaron dos frutos de la parte inferior de la copa (altura del suelo 2.5 m en crecimiento, de idéntico diámetro ecuatorial (39 mm y en la cercanía se colocó una referencia fija de medida. Se utilizó una computadora portátil, una cámara digital calibrada y un software de diseño gráfico. El ensayo se llevó a cabo durante 105 días y cada 4 a 5 días se fotografiaron los frutos. Las imágenes captadas se descargaron en la computadora y procesaron con el software CorelDRAW® X3. La medición de los frutos en las imágenes se realizó con una regla graduada virtual creada con el software y con los datos obtenidos se elaboraron curvas de crecimiento. Los dos frutos se comportaron de similar manera durante el crecimiento, con coincidencias en las mediciones los días 58 y 84 (44.25 y 50.50 mm, respectivamente, en este último día, aproximadamente se inició la fase 3, coincidiendo en ambos frutos. Los diámetros ecuatoriales alcanzados a los 105 días fueron 48.50 y 50.75 mm para el