WorldWideScience

Sample records for bicudo-do-algodoeiro por frutos

  1. Between-season attraction of cotton boll weevil, Anthonomus grandis Boh. (Coleoptera: Curculionidae adults by its aggregation pheromone Atração de adultos do bicudo do algodoeiro, Anthonomus grandis Boh. (Coleoptera: Curculionidae por seu feromônio de agregação na entressafra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wedson Desidério Fernandes

    2001-06-01

    Full Text Available The present study was undertaken to investigate the attractiveness of boll weevil adults by its aggregation pheromone under winter field conditions. Two experimental fields were utilized at "Casa Branca", SP, Brazil. For each one, three areas were established near the refuge vegetation, sparated 500 m from each other. Each area was divided in three sub-areas or blocks of 100 m² to receive pheromone applications (2.5 g per block. In addition to the pre-application counting, five additional evaluations were carried out after the pheromone applicaton. Ten randomized sampling points per block were considered in each evaluation process. A. grandis adults responded immediately to the pheromone applications, and were captured for 14 days . The highest level of attractiveness was observed 24 hours after application. The application of the boll weevil aggregation pheromone during winter could increase the predation by natural enemies, due to the increase of prey availability. Chemical control can be recommended 24 hours after pheromone applications in small plots as a between-season strategy for the suppression of boll weevil adults.O presente estudo teve como objetivo investigar a atratividade do bicudo do algodoeiro ao seu feromônio de agregação em período de inverno. Foram utilizados dois campos experimentais no município de Casa Branca, SP. Em cada um destes, foram estabelecidas três áreas separadas de aproximadamente 500 metros, sempre próximas à vegetação de refúgio. Cada área foi dividida em três sub-áreas ou blocos de 100 m² para receber a aplicação do feromônio (2,5 g por bloco. Foi realizada uma contagem de bicudos adultos no solo antes, e mais cinco após a aplicação de feromônio. Em cada bloco, foram observadas dez parcelas aleatórias, para a avaliação dos bicudos. Os adultos de A. grandis foram atraídos imediatamente após a aplicação do feromônio, sendo capturados por mais de 14 dias após. O índice mais

  2. Aspectos biológicos de adultos de um parasitóide do bicudo do algodoeiro Biological aspects of a parasitoid of the cotton boll weevil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lúcia Helena Avelino Araújo

    1999-10-01

    Full Text Available Bracon sp. é um importante agente de controle biológico de Anthonomus grandis (Boheman. Estudaram-se em laboratório, aspectos biológicos de Bracon sp., utilizando-se como hospedeiro larva do bicudo do algodoeiro, a temperatura de 26 ± 2oC, 70 ± 5% UR e fotofase de 12 horas. O ciclo biológico de Bracon sp. teve duração média de 11,7 dias, o período de incubação de 1 dia, o período médio larval de 3,9 dias, com 4 estádios; a viabilidade larval de 98,7%, o período pré-pupal de 0,6 dia, o período pupal de 6,2 dias, o tempo de pré-oviposição de 4,0 dias. A fêmea colocou, em média, 74 ovos em um período de 27,2 dias, a oviposição média diária de 2,7 ovos/fêmea/dia, o período de pós-oviposição de 3,7 dias e a longevidade de Bracon sp. foi de 34 dias para as fêmeas. A informação da biologia deste braconídeo é necessária para desenvolver estratégias de propagação e colonização do parasitóide.Bracon sp. is an important biological control agent of Anthonomus grandis, the cotton Boll weevil. The objective of this work was to evaluate biological aspects of Bracon sp. using cotton Boll weevil larvae as host, at conditions of 26 ± 2oC, with 70 ± 5% RH and 12h photoperiod. The complete life cycle of Bracon sp. was 11.7 days. The incubation period lasted 1.0 day and the larval period 3.9 days with four stages; the viability of the larvae was 98.7%; prepupal period lasted 0.6 day; and the pupal period lasted 6.2 days. Preoviposition period was 4.0 days, and the females laid an average of 74.0 eggs with in an oviposition period of 27.2 days, while the average daily oviposition rate was 2.7 eggs per female per day, posovipositional lasted 3.7 days, and the longevity of Bracon sp. was 34.0 days in females. The information of the biology of this Braconid is needed to develop parasitoid propagation and colonization strategies.

  3. Clasificación de los frutos por madurez mediante impactos no destructivos.

    OpenAIRE

    Ruiz-Altisent, Margarita; Jaren Ceballos, Carmen

    1992-01-01

    Algunos factores de calidad, tales como el tamaño, la forma, el color, el sabor la firmeza y el aroma están muy relacionados con el estado de madurez de los frutos. Se han estudiado diversos parámetros físicos para determinar su relación con la madurez de los frutos por ensayos no-destructivos. Estudio anteriores indican que un grupo de parámetros de impacto pueden ser utilizados para predecirla. Este trabajo se ha llevado a cabo con dos variedades de pera ("Blanquilla" y "Decana de Cornice")...

  4. REGULACION DEL METABOLISMO DEL FRUTO DE TOMATE (SOLANUM LYCOPERSICUM) POR UN FACTOR DE TRANSCRIPCION BZIP REGULADO POR ACIDO ABSCISICO

    OpenAIRE

    BASTIAS BARRIENTOS, ADRIANA DEL CARMEN

    2011-01-01

    El desarrollo del fruto es un proceso complejo regulados por hormonas vegetales y que involucra varios cambios metabólicos y fisiológicos coordinados. Mientras etileno actúa en etapas tardías de la maduración de frutos climatéricos tales como tomate, nuevas evidencias señalan una posible función de la fitohormona ácido abscísico (ABA) en etapas más tempranas de la inducción de la maduración. ABA es conocida por regular el desarrollo y maduración de semillas y estar involucrada en conferir...

  5. Produção e qualidade de três tipos de melão, variando o número de frutos por planta 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela Maiara Dalastra

    Full Text Available RESUMO O melão (Cucumis melo L. tem grande importância para a economia nacional, fazendo-se necessário o conhecimento sobre as práticas de manejo adequadas, de modo a facilitar a condução de sua cultura, sem comprometer a produtividade e a qualidade dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e a produtividade de três tipos de melão, conduzidos com um e dois frutos por planta. O experimento foi realizado de setembro a dezembro de 2013, no Setor de Cultivo Protegido, da Unioeste, Campus de Marechal Cândido Rondon. O delineamento adotado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2, com seis repetições. No primeiro fator, foram alocados os tipos de melão (Amarelo, Rendilhado e Pele de Sapo e, no segundo, o número de frutos (um e dois frutos por planta. Os frutos foram avaliados quanto à massa média, aos diâmetros transversal e longitudinal do fruto e do lóculo, à espessura da polpa, ao índice de formato do fruto e do lóculo, aos sólidos solúveis, ao pH, à acidez titulável, à firmeza, à ratio e à produtividade. Frutos obtidos de plantas conduzidas com um e dois frutos apresentam maior massa média e maior produtividade, respectivamente. Melões do tipo pele de sapo apresentaram maior massa média de fruto e maior produtividade. A ratio foi influenciada pelo número de frutos mantidos por planta, para melão do tipo amarelo. Melão do tipo rendilhado apresentou redução de acidez, em comparação com a dos demais tipos, independentemente do número de frutos por planta. A maior espessura da polpa foi encontrada em frutos de plantas conduzidas com um fruto por planta. Os índices de formato do fruto e do lóculo não foram influenciados pelo número de frutos por planta. Independentemente do número de frutos e do tipo de melão, o teor de sólidos solúveis foi superior ao mínimo recomendado para comercialização.

  6. ANTRACNOSE DO CAQUIZEIRO CAUSADA POR Colletotrichum horii: INCIDÊNCIA EM RAMOS, FOLHAS, FLORES E FRUTOS EM CAMPO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RENATO REZENDE YOUNG BLOOD

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a incidência em várias partes da planta e o desenvolvimento da antracnose do caquizeiro causada por Colletotrichum horiinas cultivares Fuyu e Kakimel produzidas sob os sistemas orgânico e convencional, respectivamente, nas safras de 2010/2011 e 2011/2012, em Campina Grande do Sul, Paraná, Brasil. Em cada pomar, 10 plantas foram selecionadas aleatoriamente, e 10 ramos do ano por planta, distribuídos ao redor dacopa, foram marcados para as avaliações de incidência de antracnose em ramos e folhas, a cada 15 dias. A quantificação de frutos caídos com ou sem sintomas da doença foi a cada 15 dias, durante o período de crescimento de frutos até a colheita, relacionada com a produção total. C. horii em flores foi avaliada em campo e também após incubação no laboratório. Infecção latente foi observada em frutos verdes coletados aos 90; 120 e 150 dias após a floração. Em ambas as safras, observou-se a queda de frutos com sintomas de antracnose entre os meses de janeiro e abril. C. horii é capaz de infectar flores, permanecer latente e provocar sintomas de antracnose em frutos imaturos. Frutos colhidos sadios apresentaram sintomas em pós-colheita após a incubação.

  7. Extracción de nutrientes por los frutos de cacao en dos localidades en Costa Rica.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Parménides Furcal Beriguete

    2016-12-01

    Full Text Available El objetivo de la presente investigación fue analizar la extracción de nutrientes en frutos de clones de cacao (Theobroma cacao. El estudio se hizo en plantaciones de cacao de siete años, en las localidades de Katira, Guatuso y el Centro Agronómico Tropical de Investigación y Enseñanza (CATIE, Turrialba, Costa Rica, entre los meses de marzo a agosto del año 2014. El diseño experimental utilizado fue completamente al azar con tres repeticiones; para el análisis se mezclaron por separado las semillas y la cáscara de tres frutos, para formar una repetición de cada uno de los siete clones de cacao seleccionados por el CATIE por su tolerancia a moniliasis (Moniliophthora roreri, calidad y altos rendimientos. Los resultados obtenidos mostraron que de una tonelada de semillas secas de estos clones, incluyendo la cáscara del fruto, se extraen entre 33,45 a 37,80 kg de nitrógeno (N, entre 40,35 y 50,64 kg de potasio (K, y de fósforo (P en un rango de 7,33 a 8,37 kg. El orden de extracción de los nutrientes fue: K>N>P>Mg>Ca>Mn>Fe>Zn>B=Cu.

  8. Trocas gasosas e produtividade de três cultivares de meloeiro conduzidas com um e dois frutos por planta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela Maiara Dalastra

    2014-12-01

    Full Text Available Objetivou-se, no presente trabalho, avaliar as trocas gasosas e sua influência na produtividade e qualidade de cultivares de melão conduzidas com um e dois frutos por planta. O experimento foi conduzido de setembro a dezembro de 2013. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2, com seis repetições. No primeiro fator foram alocadas as cultivares de melão pertencentes aos tipos amarelo, rendilhado e pele de sapo e no segundo fator, a condução das plantas com um e dois frutos por planta. Foram utilizadas três cultivares de melão para cada tipo. As avaliações foram realizadas aos 40 e aos 56 dias após o transplantio. As características avaliadas foram: taxa de assimilação líquida de CO2 (A, transpiração foliar (E, condutância estomática (g s e concentração interna de CO2 (Ci. A partir dessas medidas foi calculada a eficiência no uso da água (WUE. O teor de sólidos solúveis foi determinado por leitura direta, enquanto que a massa média dos frutos foi mensurada no momento da colheita, estimando-se a produtividade. Diante dos resultados, pode-se concluir que as diferenças nos índices de trocas gasosas para as cultivares de melão do tipo pele de sapo não influenciaram na produtividade e no teor de sólidos solúveis. Como melão do tipo amarelo e do tipo rendilhado recomendam-se as cultivares Goldex e Louis, respectivamente. Independente da cultivar, recomenda-se o cultivo de melão com dois frutos por planta, por assim as plantas apresentarem maior produtividade sem alterar de forma expressiva os índices de trocas gasosas delas.

  9. CONTENIDO DE FENOLES TOTALES EN FRUTOS DE MANGO ′SUPER HADEN′ DAÑADOS POR ANTRACNOSIS Y TRATADOS EN POSCOSECHA

    OpenAIRE

    2016-01-01

    El contenido de fenoles totales en el exocarpio de los frutos tiene relación con los mecanismos de defensa propios del fruto frente al ataque por patógenos fúngicos. Colletotrichum gloeosporioides (Penz.) Penz. & Sacc. es causante de la antracnosis en el mango (Mangifera indica L.) y ocasiona elevadas pérdidas en poscosecha. El objetivo de este trabajo fue evaluar el contenido de fenoles totales en frutos de mango ‘Super Haden’ dañados y tratados en poscosecha y evi...

  10. Intoxicação espontânea e experimental por frutos de Eugenia uvalha Cambess. (Myrtaceae) em ovinos

    OpenAIRE

    Tiffany Emmerich; Vanessa Borelli; Cardoso,Thalita C.; Wisser,Claudia S.; Nathalia S. Wicpolt; Biff,Claudia P.; Traverso,Sandra D.; Aldo Gava

    2014-01-01

    Descrevem-se os dados epidemiológicos, sinais clínicos e lesões de uma enfermidade de ovinos caracterizada por apatia, sialorréia, ranger de dentes, andar em círculos, cegueira, incoordenação motora, opistótono e convulsões, geralmente seguidos de morte. A doença ocorreu nos meses de fevereiro e março de 2009 a 2013, nas regiões Oeste e Planalto do Estado de Santa Catarina e está associada à queda dos frutos da "uvaieira" (Eugenia uvalha Cambess). Nas propriedades onde ocorreram os surtos hav...

  11. Consumo de nutrimentos por los frutos y bandolas de cafe caturra durante un ciclo de desarrollo y maduracion en Aquiares, Turrialba, Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Floria Ram\\u00EDrez

    2002-01-01

    Full Text Available Con el fin de detenninar las etapas de ab- cosorci6n mas importantes durante el periodo de llenado del fruto de cafe, con miras a mejorar el suplemento de nutrimentos via fertilizaci6n fo- liar, se elabor6 una curva de absorci6n 0 acumu- laci6n de nutrimentos por los frutos y las bando- las de plantas de cafe, en la zona de Aquiares, Tu- rrialba. Esta zona presenta floraciones sucesivas, no obstante, se realiz6 un muestreo secuencial de bandolas (marcadas en el momento de maxima succefloraci6n de una plantaci6n de caturra de 2 afios de poda baja. Se clasific6 los frutos por tamafio de cada una de esas bandolas y se estableci6 la categoria de fruto dominante cada mes, a 10 largo de los 8 meses de desarrollo del fruto. Asi, se ela- bor6 la curva de consumo de nutrimentos por un domifruto, con la que se pudo establecer, para cada uno de los nutrimentos, especialmente los meno- res, los momentos de maxima absorci6n por el fruto y por 10 tanto los mas apropiados para reci- bir un suplemento foliar. A los 90 dias (3 meses despues del pico de floraci6n, todos los elemen- tos, excepto el K, han sido consumidos en un 50% del requisito total. Un programa de fertili- zaci6n foliar de elementos menores que quisiera apoyar efectivamente el curso de fonnaci6n, lle- nado y maduraci6n de frutos deberia incluir el suplemento de Zn y B preferiblemente a los 2,5 y 3,5 meses, y un adicional solo de B hacia el momento de lamaduracion, 6,5 meses. Las apli- caciones tardias de Zn no resultan pertinentes pues el consumo de ese elemento finaliza antes elede esa epoca. Otros elementos como el Mg, el N y el K serfan recomendables a los 2,5 y 6,5 me- ses. Si la plantacion tuviera necesidades particu- particulares de Ca, estas deberfan suplirse antes de los primeros 3 meses.

  12. Qualidade de frutos de cinco híbridos de melão rendilhado em função do número de frutos por planta

    OpenAIRE

    Castoldi,Renata; Charlo, Hamilton César de Oliveira [UNESP; Vargas, Pablo Forlan [UNESP; Braz, Leila Trevizan [UNESP

    2008-01-01

    Este trabalho teve por objetivo avaliar a qualidade de cinco híbridos de melão rendilhado, com dois e três frutos por planta, utilizando fibra da casca de coco e fertirrigação. Para tanto, foi instalado um experimento em casa de vegetação na UNESP-FCAV, Câmpus de Jaboticabal, com delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 x 2, com quatro repetições. Os fatores avaliados foram cinco híbridos de melão rendilhado (Maxim, Bônus nº 2, Shinju 200, Fantasy e Louis) e número ...

  13. CaracterÃsticas agronÃmicas de tipos e cultivares de melÃo, conduzidos com um e dois frutos por planta, em ambiente protegido

    OpenAIRE

    2014-01-01

    Com o objetivo de avaliar as caracterÃsticas fÃsico-quÃmica, a produtividade e as trocas gasosas de trÃs tipos e cultivares de melÃo, em ambiente protegido em funÃÃo do nÃmero de frutos por planta. Foram realizados trÃs experimentos simultaneamente no setor de cultivo protegido pertencente à Unioeste, Campus de Marechal CÃndido Rondon â PR, no perÃodo de setembro de 2013 a dezembro de 2013. O delineamento experimental adotado foi de blocos casualizados no esquema fatorial 3 x 2, sendo que no ...

  14. Extracto etéreo de frutos de Bromelia pinguin L. (piña de ratón por el sistema acoplado CG-EM

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Abreu Payrol

    2001-04-01

    Full Text Available Se realizó el estudio del extracto etéreo de frutos de Bromelia pinguin L. (piña de ratón mediante el sistema acoplado CG-EM. Se detectó la presencia de los ácidos 2-pentenodioico, octanodioico, ftálico, cítrico, nonanodioico, 12-metiltetradecanoico, palmítico, oleico, linolénico, esteárico, 11,14,17-eicosatrienoico y 11,14-eicosadienoico. La identificación fue realizada sobre la base de los tiempos de retención y fue confirmada por comparación de los espectros de masas con los de patrones. Por primera vez es informada la presencia de estos compuestos en los frutos de B. pinguin L.The study of the ethereal extract from fruits of Bromelia pinguin L. ("piña de ratón" was conducted by the CG-EM coupled system. The following acids were detected: 2-pentanedioic, octanedioic, phthalic, citric, nonanodioic, 12-methyltetradecanoic, palmitic, oleic, linoleic, stearic, 11,14,17-eicosatrie-noic and 11,14-eicosadienoic. Their identification was based on the times of retention and it was confirmed by comparing the spectra of masses with those of patterns. The presence of these compounds in the fruits of B. pinguin L. is reported for the first time.

  15. Por sus frutos (no los conocerán: construcción colectiva de conocimiento en la escritura colaborativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Mejía Quiroga

    2012-04-01

    Full Text Available En este trabajo abordamos la pregunta “¿cuáles son las dinámicas y frutos de la construcción colectiva de conocimiento?” a través de una observación participante en un ejercicio de construcción colaborativa de una ponencia dirigida al Congreso Latino-Iberoamericano de Gestión Tecnológica, Altec 2011, y del estudio de sus veinticinco versiones. Los resultados aportan elementos para estudiar las dinámicas de los grupos de investigación desde los procesos, considerando productos de segundo orden.

  16. Crescimento de planta, partição de assimilados e produção de frutos de melão amarelo sombreado por diferentes malhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco Hevilásio Freire Pereira

    2015-10-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar variações no crescimento, na partição de assimilados e na produção de frutos de melão, tipo Amarelo 'Gold Mine', sob cultivos sombreados por diferentes malhas. O experimento foi conduzido na Horta de Pesquisas do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, no período de 24/11/2008 a 11/03/2009. Os tratamentos foram constituídos de quatro ambientes de cultivo: controle (pleno sol e sob as malhas Aluminet(r 30%-O, Cromatinet(r 30%-O e Sombrite(r 30%, com reduções, na radiação solar incidente, de 30,8, 35, e 32,0%, respectivamente. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições. Para as características avaliadas periodicamente, utilizou-se o esquema de parcela subdividida com os ambientes alocados nas parcelas e as avaliações periódicas nas subparcelas. Dentre os ambientes sombreados, o cultivo do meloeiro sob a malha Aluminet(r 30%-O foi o tratamento que mais se destacou em termos de crescimento de planta e produção de frutos

  17. Ácidos carboxílicos del fruto de Bromelia pinguin L. (piña de ratón por HPLC

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Abreu Payrol

    2001-08-01

    Full Text Available Se realizó el estudio de un extracto acuoalcohólico del fruto de B. pinguin L. (piña de ratón por cromatografía líquida de alta presión (HPLC, con el objetivo de detectar la presencia de ácidos carboxílicos. Se ratificó la presencia de ácido cítrico, y por primera vez se señala la existencia de ácidos glicólico, málico, láctico, succínico y aconítico. Estos compuestos se identificaron por sus tiempos de retención contra patrones.The study of an aqueous-alcoholic extract from B.Pinguin L.(piña de ratón fruit by high-performance liquid chromatography (HPLC was conducted to detect carboxylic acids. The presence of citric acid was confirmed and for the first time, glycolic, malic, lactic, succinic and aconitic acids were detected. These compounds were identified by their holding times when compared to the patterns.

  18. Caracterização física de frutos e putâmens e taxa de ataque por Carmenta sp. a pequizeiros (Caryocar brasiliense Camb. no norte de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Rodrigues da Luz

    2011-09-01

    Full Text Available O pequizeiro é uma espécie nativa do cerrado brasileiro, cujos frutos, explorados de forma extrativista, têm grande importância econômica. O extenso período de oferta dos frutos do pequi, aliado à heterogeneidade das regiões produtoras levam a crer na existência de diferenças entre as suas características físicas. Dessa forma, este trabalho objetivou comparar as características físicas de frutos de pequizeiro coletados em três municípios do norte de Minas Gerais e verificar se a taxa de ataque por Carmenta sp. está diretamente relacionada com as características biométricas. Assim, foram marcados 10 indivíduos e coletados 20 frutos de cada árvore, em Montes Claros, Mirabela e Japonvar, totalizando 200 frutos por área. Foram determinados as variáveis físicas dos frutos e dos putâmens, o número de frutilhos, de putâmens e de sementes e a porcentagem de frutos e de putâmens intactos e danificados. Os resultados indicaram que há diferenças nas características físicas entre as localidades, possuindo a região de Japonvar os putâmens mais vigorosos e com menor taxa de ataque pela broca-do-pequizeiro. Além disso, a porcentagem de ataque por Carmenta sp. relacionou-se com a espessura da casca e o comprimento dos frutos nas localidades de Japonvar e Mirabela, respectivamente. As diferenças encontradas entre as localidades podem estar associadas às influências climáticas e edáficas das regiões, que podem ressaltar certos aspectos de sua composição genética.

  19. Qualidade dos frutos de tomate de mesa quando submetidos a impacto por ocasião do beneficiamento Fresh market tomatoes quality when submitted to impact

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria de Magalhães

    2006-12-01

    Full Text Available A tomaticultura de mesa vem se modernizando nos últimos anos, com a implantação de unidades de beneficiamento e classificação que limpam, selecionam e classificam os produtos. Apesar destas mudanças, as perdas pós-colheitas ainda são altas, principalmente pela incidência de danos físicos, que ocorrem em pontos de transferência nos equipamentos e durante o processo de embalagem. Este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade dos frutos de tomate de mesa, cv "Débora", quando submetidos à queda após a etapa de limpeza em protótipo desenvolvido em laboratório para simular este sistema, relacionando alterações na qualidade com a magnitude de impacto encontrada (G, m/s2. Para tanto tomates foram beneficiados em rotações de 100 rpm e submetidos à queda em três diferentes alturas (10, 20 e 30 cm e três diferentes superfícies receptoras (espuma, caixa plástica e metálica. A magnitude dos impactos (G, m/s2 foi mensurada através da utilização da esfera instrumentada de 70 mm (Techmark, Inc., Lansing, EUA. A qualidade dos frutos após serem submetidos ao impacto foi avaliada por meio da perda de massa (%, injúria interna e de análises químicas. Os resultados obtidos com a esfera instrumentada mostraram que a superfície de espuma reduziu a aceleração máxima (G, m/s2 em aproximadamente 70%, para as alturas de queda de 10 e 20 cm e de 47% para a queda de 30 cm, quando comparada à superfície metálica. Nos ensaios com os tomates, observou-se que frutos submetidos à queda de 30 cm em superfície metálica apresentaram um aumento de 31% nos danos internos quando comparados aos frutos submetidos à queda desta mesma altura em superfície de espuma. A perda de massa foi maior (3,46% nos frutos submetidos à queda de 30 cm na superfície caixa plástica. Para as análises químicas não foi observada diferença estatística entre as três superfícies receptoras e as três alturas de queda. Por meio dos resultados obtidos

  20. Estimating peach palm fruit surface area using allometric relationships Estimativa da área superficial de frutos de pupunheira por relações alométricas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marilene Leão Alves Bovi

    2002-12-01

    Full Text Available Fruit surface area is an important trait in studies of developmental physiology, as well as in entomological and phytopathological research, where damage caused by insects and/or microorganisms needs to be quantified. Nonetheless, direct measurement of this trait is difficult, not very precise and destructive. This study establishes allometric relationships to estimate the surface area of peach palm (Bactris gasipaes Kunth, Palmae fruits. Five fruits were harvested, at different maturation stages, from each of 18 plants. Image digitalization and edition methodology was adapted and compared with the traditional gravimetric method. Regression analysis and curve fitting were used to compare the two methods and establish allometric relationships among fruit surface area and fruit weight and size. The method based on image digitalization was twice as fast as the gravimetric method. Curve fitting for all pairs of independent and dependent variables was better with the image method. For most relationships, the best model was the exponential function (Y = ax b, although, due to its simplicity, the linear model is also adequated. The best allometric estimates of fruit surface area (Y were obtained using the product of fruit length by maximum width (x were: Y = 2.077 x 1.189 (R² = 94.8%; and Y = - 6.261 + 3.961 x (R² = 94.5%. Traits needed to establish this relationship are easily measured and non-destructive in nature. Validation of the allometric equations is essential when applied to other populations or landraces.A área superficial do fruto é de importância fundamental em estudos relacionados à fisiologia do desenvolvimento, bem como em pesquisas entomológicas e fitopatológicas, onde o dano causado por insetos e/ou microorganismos precisa ser quantificado. No entanto, a medição direta dessa característica é difícil, além de não muito precisa e destrutiva. Neste estudo foram estabelecidas relações alométricas visando estimar a

  1. Cultivo de melão rendilhado com dois e três frutos por planta Evaluation of net melon cultivars conducted with two and three fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hamilton César de O Charlo

    2009-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar cultivares de melão rendilhado produzidas em plantas sob raleio dos frutos. Foram estudadas as cultivares Maxim, Louis, Fantasy, Shinju 200, e Bônus nº2, com as plantas conduzidas com dois e três frutos. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 5x2, com quatro repetições e com as plantas dispostas no espaçamento de 1,0 m entre linhas e 0,5 m entre plantas. O experimento foi realizado em casa de vegetação, utilizando-se fertirrigação e vasos plásticos de 13 L, preenchidos com fibra da casca de coco Golden Mix® Misto 98. As mudas foram produzidas em bandejas de poliestireno expandido de 128 células e quando estavam com a primeira folha definitiva completamente desenvolvida foram transplantadas aos vasos. Foram avaliados o rendilhamento da casca, os diâmetros longitudinal e transversal do fruto, o índice de formato do fruto, os diâmetros longitudinal e transversal do lóculo, o índice de formato do lóculo, a espessura do mesocarpo, a massa média dos frutos e a produção por planta. Não houve interação entre os fatores estudados. Nas condições deste experimento, a condução de dois frutos por planta resultou em maior rendilhamento da casca, maior diâmetro transversal do fruto, maior diâmetro longitudinal do lóculo e maior massa média dos frutos. Porém, as maiores produções por planta foram observadas quando conduzidas com três frutos. Os híbridos Fantasy e Shinju 200 apresentaram as melhores características de frutos e maiores produções.The pruning of fruits of net melon cultivars was evaluated in this study. The cultivars Maxim, Louis, Fantasy, Shinju 200 and Bônus nº2 were evaluated in plants bearing two and three fruits. The experimental design was of randomized blocks in factorial scheme 5 x 2, with four replications and the plants arranged in the spacing of 1.0 m between lines and 0.5 m between plants. The experiment was conducted in

  2. Interações entre formigas e Urera baccifera (Urticaceae) medidas por atrativos distintos : corpos perolados e frutos

    OpenAIRE

    Humberto de Paula Dutra

    2004-01-01

    Resumo: 1. O presente trabalho investiga o papel protetor de formigas contra os insetos fitófagos de Urera baccifera em uma floresta semidecídua do sudeste do Brasil. V. baccifera é utilizada como planta hospedeira por 3 espécies de lepidópteros: Urbanus esmeraldus (Hesperiidae), Pleuroptya silicalis (Crambidae) e Smyma blomfildia (Nymphalidae) 2. Muitas espécies de formigas forrageiam intensivamente nos arbustos de V. baccifera, estando constantemente presentes na planta ao longo do ano, exc...

  3. EFECTO DE LA INMERSIÓN EN AGUA CALIENTE SOBRE LA SECRECIÓN DE LÁTEX POR LA CORONA DE GAJOS RECIÉN CONFORMADOS DE FRUTOS DE BANANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maricruz Ram\\u00EDrez

    2011-01-01

    Full Text Available Con el objetivo de evaluar el efecto de la temperatura del agua y el tiempo de inmersión sobre la secreción de látex por la corona de gajos recién conformados de frutos de banano, se realizaron 2 experimentos con racimos de 12 semanas de edad (floración-cosecha del cv. Valery (Musa AAA, subgrupo Cavendish. En el experimento 1 se evaluaron 4 temperaturas del agua: 25, 35, 45 y 55ºC y, 4 tiempos de inmersión: 5, 10, 15 y 20 min en conjunto con un tratamiento testigo comercial. En el experimento 2 se evaluó unicamente la temperatura del agua a 45ºC y 2 tiempos de inmersión: 10 y 20 min. En este experimento se incluyó un tratamiento testigo comercial (frutos tomados de la línea de empaque de la finca y otro tratamiento testigo conformado por frutos cuyos gajos fueron empacados inmediatamente después de la separación del racimo (testigo absoluto. En ambos experimentos la inmersión de los frutos en agua caliente se realizó inmediatamente después que las manos fueron seccionadas del racimo y conformadas en gajos. En ambos experimentos no hubo maduración prematura durante el periodo de simulación de transporte que fue de 15 días. En el experimento 1 los tratamientos expuestos a 55ºC, presentaron daño severo de quemadura en la cáscara. En el experimento 2 no se afectó la firmeza (p>0,2685, aunque hubo diferencias estadísticas en el color de la cáscara (p0,0001. El tratamiento de inmersión de 45ºC por 10 min demostró que puede ser tan efectivo en la remoción del látex de la corona de gajos recién conformados de frutos de banano como el tratamiento comercial, basado en la inmersión sucesiva de los frutos en depósitos de agua circulante y la posterior aplicación de fungicidas y cicatrizantes.

  4. Resistencia frente a la infección por Penicillium digitatum durante la postcosecha de los frutos cítricos. Bases moleculares y metabolismo de fenilpropanoides.

    OpenAIRE

    2007-01-01

    RESUMEN Penicillium digitatum es el agente causal de la podredumbre verde de los frutos cítricos y constituye uno de los patógenos más importantes durante la postcosecha de los mismos, llegando a causar hasta el 80 % de las podredumbres. Aunque el control de este patógeno se realiza en la actualidad con fungicidas químicos, existe una tendencia al abandono de los mismos y al empleo de estrategias alternativas de control. La inducción de resistencia natural en los frutos constituye una de e...

  5. Yield and fruit quality of peach scion by using rootstocks propagated by air layering and seed Produtividade e qualidade de fruto de pessegueiro utilizando porta-enxertos propagados por alporquia aérea e semente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Picolotto

    2010-12-01

    Full Text Available In rootstock propagation, several methods can be used; however few practices are adopted due to the lack of information about the behavior of stionic combinations at field. The work aimed to compare the propagation method by air layering with the traditional propagation system by seeds using the scion peach [Prunus persica (L. Batsch] cultivar Granada. The following variables were measured: yield, fruit weight and size, skin color, flesh firmness, total soluble solids content (TSS and titatrable acidity (TA, TSS/TA ratio, total phenols, trunk diameter and pruning mass. Yield, total phenols and titatrable acidity were higher when using the air layering propagation. There was no difference between propagation methods regarding color and diameter of fruit, flesh firmness and total soluble solid and TSS/TA ratio. Depending on propagation method, the fruit weight did not differ, nevertheless using the seed propagated Capdeboscq rootstock fruit weight was heavier. Plant behavior in each propagation method depended on the rootstock used. Scion cultivar (cv. Granada on air layering rootstock-derived keeps similar or superior yield and same attributes of fruit quality, better than using rootstocks derived from seeds.Na propagação de porta-enxertos vários métodos podem ser usados, no entanto alguns são pouco utilizados devido à falta de informação sobre o comportamento das plantas a campo. Avaliou-se o método de propagação de porta-enxertos por alporquia comparado ao sistema tradicional de propagação por meio de sementes no pêssego [Prunus persica (L. Batsch] cv. copa Granada. Avaliaram-se as seguintes variáveis: produtividade, peso de fruto, coloração da epiderme, firmeza de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST e acidez titulável (AT, relação SST/AT, tamanho de fruto, fenóis totais, diâmetro de tronco, e peso de poda. A produtividade, fenóis totais e acidez titulável foram maiores quando utilizado o método de propaga

  6. Control genético del carácter número de frutos por planta y sus componentes en un cruzamiento dialélico entre cultivares de tomate "chonto", Lycopersicon esculentum Mill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Urrego P. Jorge E.

    1990-06-01

    Full Text Available Se realizó el análisis genético del carácter número de frutos por planta y sus componentes utilizando un cruzamiento dialélico entre siete cultivares de tomate "chonto" (Ángela Gigante, Licapal- 21, Raminho, Olho Roxo, 1258, 1465, y 1507. El análisis genético-estadístico se efectuó utilizando la metodología desarrollada por Hayman (1954 a, 1954b. No se detectó evidencia de epistasis para ninguno de los caracteres estudiados y los datos experimentales se ajustaron al modelo aditivo-dominante. La acción génica aditiva y no aditiva participaron en forma conjunta y significativa en la expresión de los caracteres número de frutos por planta y número de inflorescencias por planta. Solamente la acción génica no aditiva participó en forma significativa en la expresión del carácter número de frutos por inflorescencia. Se detectó la presencia de sobredominacia en los tres caracteres estudiados. Se pudieron estimar los límites de selección para el carácter número de frutos por planta (34.12 y 3.15 y para el carácter número de frutos por inflorescencia (4.37 y 0.29 para padres completamente dominantes y recesivos, respectivamente. Para el carácter número de inflorescencias por planta, no fue posible estimarlos debido a la baja correlación presentada entre el grado de dominacia y el valor medio de los progenitores.Genetic analysis for fruits per plant, clusters per plant and fruits per cluster characters was carried out using a diallel crossing between seven "chonto" tomato cultivars (Angela Gigante, Licapal- 21, Raminho, Olho Roxo, 1258, 1465 and 1507. Was made a genetic- statistic analysis using the methodology developed by Hayman (1954 a, 1954b. There was no evidence of epistasis in any of characters studied and the experimental data are adjusted to the additive-dominant model. Additive gene action and non-additive gene action participate jointly and highly significant manner, in the fruits per plant, and clusters per

  7. Secondary metabolites of vertebrate-dispersed fruits: evidence for adaptive functions Metabolitos secundarios de frutos dispersados por aves: evidencia de funciones adaptativas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARTIN L. CIPOLLINI

    2000-09-01

    patternsEn este articulo discuto evidencia reciente acerca del significado adaptativo de los metabolitos secundarios en la fruta madura y sus implicaciones para la dispersión de semillas por aves y otros vertebrados. Específicamente, reviso las hipótesis adaptativas originalmente presentadas y discutidas por Cipollini & Levey en 1997. Estas incluyen: atracción/asociación, efectos sobre la germinación, toxicidad general y dirigida, y compromisos en defensa. Además, presento y discuto una nueva hipótesis adaptativa: efectos nutricionales directos. Esta hipótesis es postulada para reflejar los descubrimientos recientes sobre los efectos positivos resultantes del consumo de metabolitos secundarios. Concluyo que se requieren estudios con un foco estrecho para examinar estas hipótesis de un modo directo. La evidencia en favor o en contra de cada hipótesis es observacional o indirecta, y obtenida de estudios no diseñados específicamente para probar estas hipótesis. A pesar de esto, la mayor parte de las hipótesis encuentran cierto nivel de apoyo - en ocasiones, incluso cuando el mismo metabolito es considerado (e.g., antocianinas y carotenoides que funcionan como pigmentos además de antioxidantes nutricionales. Finalmente, discuto la naturaleza de los blancos moleculares de los compuestos secundarios encontrados en plantas. Al hacerlo, refuerzo las nociones que sugieren que la existencia de interacciones sinérgicas y que la acción multifuncional en estos compuestos pueden proveer de soluciones económicas a plantas que se enfrentan a selección temporalmente variable, y a veces multidireccional, sobre frutos y semillas. Puede no resultar sorprendente el que los compuestos secundarios en plantas cumplen funciones múltiples; siendo probable el apoyo a muchas hipótesis no mutuamente exclusivas. Estudios comparados que permitan examinar estas hipótesis deben ser diseñados considerando cuidadosamente los efectos potenciales de las relaciones filogenéticas y las

  8. Concentração de potássio na solução nutritiva e a qualidade e número de frutos de melão por planta em hidroponia Potassium concentration in nutrient solution and quality and number of fruits of melon, cultivated in hidroponic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana Cavalcanti Costa

    2004-06-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT no período de junho a novembro de 2001, na FCAV-UNESP em Jaboticabal-SP, situada a 21º15’ 22" Sul, 48º18’58" Oeste, e altitude de 575 metros. O híbrido Bônus n0 2 foi cultivado em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Os elementos avaliados foram número de frutos por planta (2, 3, 4 e fixação livre e concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5mg L-1. O experimento teve como objetivo avaliar a concentração de potássio na solução nutritiva e número de frutos por planta sobre a qualidade dos frutos do meloeiro. Concentrações maiores do que 66mg L-1 de potássio na solução nutritiva não promoveram incrementos nas características de qualidade dos frutos do meloeiro como: teor de sólidos solúveis médio de todos os frutos da planta, do segundo fruto, da acidez total titulável média de todos os frutos da planta, do primeiro fruto, do segundo fruto, do índice de maturação, da espessura da polpa e do índice de formato dos frutos. Frutos oriundos de plantas de melão com dois frutos apresentaram maior teor de sólidos solúveis e acidez total titulável, independente da concentração de potássio na solução nutritiva. O maior número de frutos por planta reduziu a espessura do mesocarpo dos frutos.The experiment was carried out in Jaboticabal-SP. The hybrid Bonus n0 2 was cropped in randomized blocks design, in split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2, 3, 4 e free fruit set and potassium concentration in the nutrient solution (66, 115.5, 165 and 247.5mg L-1 were the studied factors. The increase of potassium concentration in the nutrient solution did not promote increase melon fruit quality characteristics such as: average soluble solid content from all plant fruits or that of the second fruit; average total tritratable acidity from all plant fruits and that of the first or

  9. Intoxicação espontânea e experimental por folhas e frutos de Erythroxylum deciduum (cocão em ovinos no Estado de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    V. Borelli

    2011-03-01

    Full Text Available Descreve-se uma enfermidade em ovinos de ocorrência sazonal, caracterizada por manifestações nervosas e morte rápida, nos municípios de Rancho Queimado e Ponte Alta do Sul, no estado de Santa Catarina. A doença foi reproduzida experimentalmente em ovinos com a administração de folhas de Erythroxylum deciduum coletados durante o verão, com doses letais a partir de 10g/kg de peso vivo. Em um único experimento com os frutos a dose de 15g/kg foi letal. O início da manifestação dos sinais clínicos, ocorreu entre 0 e 2 horas após a administração das folhas ou dos frutos e a evolução da doença foi de 10 minutos a 18 horas. Doses de até 20g/kg de folhas coletadas no período de inverno, produziram alterações clínicas discretas em dois ovinos. Os sinais clínicos foram depressão, sonolência e, quando os animais eram movimentados, incoordenação motora, desequilíbrio, quedas, dificuldade para se levantar e estação com os membros abertos. Também foi observado: salivação intensa, regurgitação, bruxismo, aumento das frequências cardíaca e respiratória. Os sinais clínicos se agravavam quando os animais eram movimentados e geralmente resultavam em morte. Os animais que morreram pelas intoxicações espontânea e experimental, não tinham alterações macroscópicas e microscópicas significativas. O corte das árvores de E. deciduum faz com que o tronco rebrote, favorecendo a ingestão da planta pelos ovinos. Este fato e a disponibilidade de frutos maduros que caem ao chão podem ser responsabilizados pela doença de ovinos com sinais nervosos e ausência de lesões macroscópicas e microscópicas, que ocorrem nos meses de verão, no Estado de Santa Catarina.

  10. Procesamiento de imágenes ópticas de frutos café en cereza por medio de filtros acusto-ópticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio César Mosquera M.

    2007-01-01

    Full Text Available En este trabajo, se presentan los resultados experimentales del análisis espectral de imágenes ópticas de muestras de frutos de café en cereza. El procesamiento espectral se realizó en el espectro visible de radiación electromagnética a través de un filtro acusto-óptico (FAO fabricado con un cristal de dióxido de Telurio (TeO2. La velocidad con la cual se obtienen las imágenes procesadas es superior a la de los métodos basados únicamente en técnicas DIP (Digital Imaging Processing, considerándose como un análisis en verdadero tiempo real. En particular, se muestra que este tipo de dispositivos representa una excelente alternativa en el procesamiento de imágenes para aplicaciones industriales de selección de granos de café según su estado de maduración y en conjunto con un menor procesamiento DIP

  11. Produção do melão rendilhado em função da concentração de potássio na solução nutritiva e do número de frutos por planta Net melon yield as affected by potassium concentration in nutrient solution and number of fruits per plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caciana C. Costa

    2004-03-01

    Full Text Available O experimento foi conduzido em hidroponia (NFT, de junho a novembro de 2001, na UNESP, em Jaboticabal. A cultivar Bônus nº 2 foi cultivada sob blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com seis repetições. Foram avaliados o número de frutos por planta (2; 3; 4 e fixação livre e a concentração de potássio na solução nutritiva (66; 115,5; 165 e 247,5 mg L-1 de K. Nas colheitas ocorridas entre 105 e 133 dias após o transplantio (DAT, foram obtidos 2,0; 2,5; 2,7 e 2,3 frutos por planta, enquanto que aos 85 DAT, o número de frutos fixados tinha sido, respectivamente, 2; 3; 4 e 6,2 frutos por planta. O incremento da concentração de potássio na solução nutritiva aumentou, inicialmente, o número de frutos fixados, e contribuiu, posteriormente, para a redução do abortamento dos frutos. Também, promoveu aumento no peso médio do segundo fruto. A produção e o peso médio dos frutos não foram influenciados pelo emprego de soluções nutritivas com concentração de potássio acima de 66 mg L-1. Entretanto, o número de frutos por planta afetou a produção e o peso médio dos frutos, promovendo respectivamente, aumento e redução à medida que maior foi o número de frutos por planta.The experiment was carried out using hidroponic solution (NFT from June to November-2001, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. The 'Bonus nº 2' was cultivated in randomized blocks design, with split-plot scheme and six replications. Fruit number per plant (2; 3; 4 and free and potassium concentration in the nutrient solution (66; 115.5; 165 e 247.5 mg L-1 were the studied factors. At harvests [105 to 133 days after transplant (DAT], 2.0; 2.5; 2.7 and 2.3 fruits per plant were obtained, whereas at 85 DAT, 2; 3; 4 and 6.2 fruits had been set, respectively. Increasing potassium concentration in the nutrient solution improved initially fruit set and contributed later to reduce the fruit aborting in plants. Also the potassium promoted

  12. Efeito da infecção precoce por Begomovirus com genoma bipartido em características de frutos de tomate industrial Effect of early infection by a bipartite Begomovirus species on processing tomato fruit characteristics

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo de B. Giordano

    2005-07-01

    Full Text Available Dados a respeito dos efeitos da infecção por espécies sul-americanas de Begomovirus com genoma bipartido na fisiologia da produção do tomateiro são ainda escassos na literatura. O presente trabalho foi realizado visando estimar o impacto da infecção precoce em parâmetros de produtividade e teor de sólidos solúveis (ºBrix utilizando uma cultivar de tomateiro para processamento industrial suscetível a Begomovirus. A inoculação controlada das mudas (18 dias após semeadura foi realizada inicialmente em casa de vegetação usando moscas-brancas (Bemisia tabaci biótipo B virulíferas, sendo as mudas expostas aos insetos por quatro dias. Um grupo de mudas não inoculadas (controles foi mantido isolado em uma casa de vegetação livre do inseto vetor. Plantas inoculadas e não inoculadas foram simultaneamente transplantadas em campo e dispostas em um delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições com dez plantas por parcela. A análise de seqüência de nucleotídeos de parte do genoma do DNA-A do vírus utilizado na inoculação indicou ser um isolado distinto, mas geneticamente relacionado com Tomato chlorotic mottle virus (uma das espécies do complexo de Begomovirus infectando tomateiro no Brasil. Foi observada diferença significativa para produção total, sendo 109,0 t/ha nas plantas controle e 48,2 t/ha nas mudas submetidas à inoculação precoce; tendo-se redução de aproximadamente 60% na produtividade. A diferença mais acentuada foi observada para o parâmetro número de frutos por planta. As plantas não infectadas apresentaram uma média de 66 frutos, enquanto que nas plantas infectadas esta média foi de 38 frutos. O peso médio e o teor de sólidos solúveis dos frutos não foram significativamente influenciados pela infeção precoce. Desta forma, existe a possibilidade de reduzir perdas de produtividade devido à infeção de Begomovirus por meio do manejo adequado do sistema de produção, incluindo

  13. Qualidade e atividade antioxidante em frutos de variedades de aceroleira.

    OpenAIRE

    Wedja Santana da Silva

    2008-01-01

    A avaliaÃÃo da qualidade de frutos oriundos de plantas selecionadas pelo programa de melhoramento genÃtico da Embrapa AgroindÃstria Tropical, visa selecionar plantas com melhor potencial para consumo in natura e processamento industrial. Objetivou-se com este trabalho caracterizar fisicamente, fÃsico-quimicamente e quimicamente frutos de aceroleira oriundos de 19 clones comerciais, avaliando a capacidade antioxidante total (AOT) das suas porÃÃes comestÃveis. Os frutos foram provenientes de tr...

  14. Growth, assimilate partition and yield of melon charenthais under different shading screens Crescimento, partição de assimilados e produção de frutos de melão charentais sombreado por diferentes malhas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    FHF Pereira

    2011-03-01

    Full Text Available In this experiment we evaluated the growth, partition of assimilates and yield of melons type hybrid Charenthais 'Fleuron' under different shading nets. The experiment was conducted at Federal University of Viçosa, from November 24, 2003 to March 11, 2004. The treatments consisted of four growth environmental conditions, as follows: control (full sun, and under Aluminet® 30%-O, Cromatinet® 30%-O, Sombrite® 30%, with reduction of photosynthetic active radiation (PAR of 30.85%, 35.9% and 32.0%, respectively. The experiment was arranged in a complete random design with four replicates. For the periodically evaluated characteristics we used a sub divided parcel 4 x 7 with the growing conditions in the parcel and the evaluations on the sub parcel (0, 14, 28, 42, 56, 70 and 84 days after transplantation. Among the shading nets, overall growth was superior under Aluminet® 30%-O, with similar plant height, length and number of internodes, number of leaves per plant, leaf dry weight, total and commercial yield of fruits and greater leaf area per plant compared to control at full sun. The low number of daily radiation (4.47 hours and the good growth and yield of the melon when shaded by 30.85% with Aluminet® 30%-O, are indicatives that this culture does not require elevated levels of radiation as mentioned before. The growth of melon under partial restriction of light is promising, opening opportunities to production in new environments as agroforestry systems and associated cultivations.Objetivou-se avaliar o crescimento, a partição de assimilados e a produção de frutos de melão tipo Charentais híbrido 'Fleuron' em cultivos sombreados por diferentes malhas. O experimento foi conduzido na Universidade Federal de Viçosa, no período de 24/11/2003 a 11/03/2004. Os tratamentos foram constituídos de quatro ambientes de cultivo: controle (pleno sol e sob as malhas Aluminet® 30%-O, Cromatinet® 30%-O e Sombrite® 30%, com reduções na radia

  15. Uniformidade de distribuição em sistemas de irrigação por gotejamento utilizando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro = Distribution uniformity of coffee wastewater application using drip systems

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando França da Cunha

    2006-01-01

    Full Text Available Objetivou se avaliar a uniformidade de distribuição em sistemas de aplicação, por gotejamento do tipo fita, de água residuária bruta e tratada da despolpa dos frutos do cafeeiro (ARC. A água residuária tratada foi obtida com a passagem por filtros orgânicos constituídospor pergaminho de grãos de café. A plataforma de testes constou de três unidades de aplicação da ARC, cada uma com quatro linhas laterais. As avaliações da uniformidade de aplicação da ARC foram realizadas a cada 36 horas de funcionamento. A ARC bruta proporcionou mais rápido entupimento dos emissores, porém a filtrada também apresentou elevado potencial de entupimento. O entupimento dos gotejadores afetou drasticamente a uniformidade de aplicação da ARC. No caso da ARC bruta, valores de CUC e CUD foram reduzidos a zeroapós 36 horas de operação do sistema. No caso da ARC filtrada, foram obtidas reduções de 76% e 100%, após 144 horas de funcionamento.This article aims to evaluate the uniformity of distribution in systems of application by drip tape of crude and treated wastewater from coffee fruit pulping. A platform of tests was set up, consisting of three units of drip wastewater application, each one with four lateral lines. The evaluations for uniformity of water application were done every 36h of operation. Crude wastewater caused faster emitter clogging but treated wastewater also presented high potential of dripper clogging. Dripper clogging affected the uniformity of wastewater application drastically. In the case of crude wastewater, the values for CUC and CUD were reduced to zero after 36 hours of system operation and, in the case of filtered wastewater, reductions of 76 and 100% were obtained after 144 hours of system operation.

  16. Caracterização física de frutos e putâmens e taxa de ataque por Carmenta sp. a pequizeiros (Caryocar brasiliense Camb. no norte de Minas Gerais Physical characterization of fruits and putamens and attack rate by Carmenta sp. to pequi tree (Caryocar brasiliense Camb. in the northern of Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giovana Rodrigues da Luz

    2011-09-01

    Full Text Available O pequizeiro é uma espécie nativa do cerrado brasileiro, cujos frutos, explorados de forma extrativista, têm grande importância econômica. O extenso período de oferta dos frutos do pequi, aliado à heterogeneidade das regiões produtoras levam a crer na existência de diferenças entre as suas características físicas. Dessa forma, este trabalho objetivou comparar as características físicas de frutos de pequizeiro coletados em três municípios do norte de Minas Gerais e verificar se a taxa de ataque por Carmenta sp. está diretamente relacionada com as características biométricas. Assim, foram marcados 10 indivíduos e coletados 20 frutos de cada árvore, em Montes Claros, Mirabela e Japonvar, totalizando 200 frutos por área. Foram determinados as variáveis físicas dos frutos e dos putâmens, o número de frutilhos, de putâmens e de sementes e a porcentagem de frutos e de putâmens intactos e danificados. Os resultados indicaram que há diferenças nas características físicas entre as localidades, possuindo a região de Japonvar os putâmens mais vigorosos e com menor taxa de ataque pela broca-do-pequizeiro. Além disso, a porcentagem de ataque por Carmenta sp. relacionou-se com a espessura da casca e o comprimento dos frutos nas localidades de Japonvar e Mirabela, respectivamente. As diferenças encontradas entre as localidades podem estar associadas às influências climáticas e edáficas das regiões, que podem ressaltar certos aspectos de sua composição genética.The pequi tree is a native species of brazilian savanah, which fruits are explored in an extractivist form, having a huge economic importance. The long periods of availability of the fruits, together with the heterogeneity of the productive regions, leads to an inference of the existence of differences among their physical characteristics. Thus, this study aimed to compare the physical characteristics of pequi tree fruit collected in three municipalities in the

  17. Efeito da concentração de nitrogênio na solução nutritiva e do número de frutos por planta sobre a produção do meloeiro Effect of nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits per plant on yield of melon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe V. Purquerio

    2003-06-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, na UNESP em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a produção do melão (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80, 140, 200 e 300 mg L-1 e número de frutos por planta (2, 3, 4 e livre. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. Aos 80 dias após o transplantio, foram observados 2, 3, 4 e 5,1 frutos por planta e, posteriormente na colheita, 2, 2,9, 3,0 e 3,4 frutos por planta, respectivamente para os tratamentos com 2, 3, 4 e fixação livre, sendo esta redução atribuída ao abortamento de frutos. Houve redução no peso médio do 1º, 2º e 3º fruto colhido, com o aumento da concentração de nitrogênio. Plantas com o menor número de frutos, apresentaram maior peso médio dos mesmos, porém com menor produção por planta. A maior produção (2.474 g/planta foi obtida com 80 mg L-1 de nitrogênio na solução nutritiva.The effects of different nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, were investigated on net melon production (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid. The experiment was carried out in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, in NFT hydroponic system, from June to November, 2001. The experimental design was of randomized split plots, replicated six times. At 80 days after seedling transplant 2; 3; 4 and 5.1 fruits per plant were found. However, at harvest there were 2; 2.9; 3.0 and 3.4 fruits per plant, relative to 2; 3; 4 and free setting per plant treatment. This observed fruit reduction was attributed to fruit abortion. With the increase of nitrogen concentrations a reduction in first, second and third fruit weight was found. Plants with fewer fruits, produced higher average

  18. Elemental contents in exotic Brazilian tropical fruits evaluated by energy dispersive X-ray fluorescence Composição mineral determinado por fluorescência de raios-X dispersiva de energia de frutos exóticos tropicais brasileiros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alessandra Lopes de Oliveira

    2006-02-01

    Full Text Available The exotic flavor of Brazilian tropical fruits led to increased consumption. Consumers awareness regarding balanced diets, makes necessary determining nutritional composition - vitamins and minerals of the fruits ordinarily consumed. This study contributed to the evaluation of macro (K, Ca and microelements (Mn, Fe, Cu, Zn and Br in eight exotic Brazilian tropical fruits: "abiu" (Lucuma caimito Ruiz & Pav., "jenipapo" (Genipa americana L., "jambo rosa" (rose apple, Eugenia Jambos L., "jambo vermelho" (Syzygium malaccence L., Merr & Perry, "macaúba" (Acrocomia aculeata Jacq. Lood. Ex Mart., "mangaba" (Hancornia speciosa, "pitanga" (Brazilian Cherry, Eugenia uniflora L., and tamarind (Tamarindus indica L., using the Energy Dispersive X-Ray Fluorescence (EDXRF technique. "jambo vermelho" and "macaúba" presented the highest values of K concentrations, 1,558 and 1,725 mg 100 g-1, respectively. On the other hand, Ca concentrations were highest in "macaúba" (680 mg 100 g-1 and "jenipapo" (341 mg 100 g-1. The microelemental concentrations in these eight fruits ranged from: 0.9 to 2.0 mg 100 g-1 for Mn, 3.9 to 11.4 mg 100 g-1 for Fe, 0.5 to 1.0 mg 100 g-1 for Cu, 0.6 to 1.5 mg 100 g-1 for, Zn and 0.3 to 1.3 mg 100 g-1 for Br. The amounts of macro and microelements in the eight fruits analyzed were compared to other tropical fruits and it was found that some of them could be classified as rich sources for these macro and microelements.O sabor exótico dos frutos tropicais brasileiros vem contribuindo para o aumento de seu consumo. Ao se considerar a busca por uma alimentação balanceada, por consumidores cada vez mais exigentes, o conhecimento da composição de vitaminas e sais minerais dos frutos que compõe a dieta se faz necessário. Desta forma o presente trabalho vem contribuir com a determinação da concentração de macro (K e Ca e microelementos (Mn, Fe, Cu, Zn e Br em oito frutos tropicais exóticos brasileiros: abiu (Lucuma caimito Ruiz

  19. Evaluación de familias de zapallo (Cucurbita moschata Duch. seleccionadas por mayor contenido de materia seca en el fruto y otras características agronómicas Evaluation of squash (Cucurbita moschata Duch. families selected for higher content of dry matter in the fruit and other agronomic traits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dora Enith Tobar Tosse

    2010-01-01

    Full Text Available Se evaluaron cuatro familias de hermanos completos de zapallo, Cucurbita moschata Duch, provenientes de dos ciclos de estabilización genética mediante cruzamientos fraternales y seleccionadas por mayor contenido de materia seca (MS en el fruto y buenas características para consumo en fresco. La familia F7a sobresalió por su mayor contenido de materia MS en el fruto (15.86% ± 2.17 en comparación con el testigo comercial Unapal-Bolo Verde (10.68% ± 2.08, forma esférica levemente achatada, color externo amarillo claro, color de pulpa amarilla a salmón, espesor de pulpa de 3.71 ± 0.58 cm y peso promedio del fruto de 3.10 ± 0.73 kg, que la convierte en una alternativa para consumo en fresco.Four full-sib families of squash, Cucurbita moschata Duch, from two cycles of genetic stability through crosses fraternal and selected by a higher content of dry matter in fruit and good characteristics for fresh consumption was evaluated. The F7a family had at increased dry matter content in fruit (15.86% ± 2.17 compared with the control-commercial Unapal Bolo Verde (10.68% ± 2.08, slightly flattened spherical form, external color yellow, light yellow flesh color to salmon, flesh thickness of 3.71 cm ± 0.58 and average fruit weight of 3.10 kg ± 0.73, which makes it an alternative for fresh consumption.

  20. Fruit size, mineral composition and quality of trickle-irrigated tomatoes as affected by potassium rates Tamanho, composição mineral e qualidade de frutos de tomateiro irrigado por gotejamento em razão de doses de potássio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Cezar Rezende Fontes

    2000-01-01

    Full Text Available An experiment was conducted to determine the fruit size, mineral composition and quality of trickle-irrigated tomatoes as affected by potassium fertilizer rates. Six potassium (K rates were applied as KCl, corresponding to 0, 48.4, 118.6, 188.8, 259.0 and 399.4 kg ha-1, with four replicates, following a randomized block design. Quadratic responses to K rates were observed for double extra large (diameter > 60 mm, extra large (56 to 60 mm and large (52 to 56 mm fruit yields. Maximum yields of these classes were achieved with K rates of 116, 190 and 233 kg ha-1, respectively. Fruit dry matter, phosphorus, sulfur and magnesium contents were not affected by K rates, but nitrate and K contents showed significant increments as K rates were increased. Vitamin C, total soluble solids, lycopene and beta-carotene contents in the fruits were not affected by K rates. Increments in the K rate lowered the fruit pH and increased total acids content.Para determinar o efeito da fertirrigação com K sobre o tamanho, a composição mineral e a qualidade dos frutos do tomateiro, foi conduzido um experimento com aplicação de seis doses de K, na forma de KCl, correspondendo a 0, 48,4, 118,6, 188,8, 259,0 e 399,4 kg ha-1, com quatro repetições, distribuídas no delineamento experimental em blocos casualizados. Foram observadas respostas quadráticas das produções das classes de frutos graúdo 2 (diâmetro > 60 mm, graúdo 1 (56 a 60 mm e graúdo (52 a 56 mm em relação às doses de K aplicadas na adubação. As produções máximas de frutos de cada classe foram obtidas com as doses de K de 116, 190 e 233 kg ha-1, respectivamente. O conteúdo de matéria seca e os teores de P, S e Mg dos frutos não foram influenciados pelas doses de K, mas os teores de nitrato e de potássio aumentaram com o aumento das doses. Os teores de vitamina C, sólidos solúveis, licopeno e beta-caroteno não foram influenciados pelas doses de K; porém, os incrementos nas doses

  1. Efecto de la endocría en caracteres relacionados con la calidad del fruto de zapallo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Baena García Diosdado

    2009-09-01

    Full Text Available Se evaluó el rendimiento y características relacionados con la calidad del fruto de seis introducciones de zapallo, Cucurbita moschata Duch., a libre polinización (S0 y en las líneas endocriadas S1 y S2. La endocría acompañada de selección no causó efectos negativos en las variables producción por planta, espesor de la pulpa del fruto, color de la pulpa del fruto y materia seca en el fruto.

  2. Avaliação da qualidade de frutos de café atacados por Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824 (Diptera: Tephritidae Evaluation of the quality of coffee fruit attacked by Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824 (Diptera: Tephritidae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.J. Cividanes

    1993-09-01

    Full Text Available Foram usadas plantas de Coffea arabica L., variedade Catuaí Vermelho, localizadas no Campus da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - USP, Piracicaba,SP, para avaliação dos danos que Ceratitis capitata (Wied., 1824 pode causar aos frutos do cafeeiro. Os resultados mostraram que o ataque de C. capitula não causou queda prematura dos frutos, mas aumentou a queda de cerejas e foram encontradas, fortes evidências, com base na atividade da enzima polifenol oxidase e lixiviação de potássio, que cerejas atacadas podem produzir bebida de café de qualidade inferior.The present work was carried out using trees of Coffea arabica L. variety Red Catuaí grown at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" - Campus of the University of São Paulo, Piracicaba,SP. The objective was to estimate damages that Ceratitis capitata (Wied., 1824 can cause to coffee fruits. The results showed that C.capitata did not cause premature fruit fall, but it increased berry fall. The activity of the enzyme polyphenol oxidase and potassium lixiviatiou give strong evidences that atacked coffee beans produce coffee beverage of inferior quality.

  3. CARACTERIZACIÓN DE LA MANCHA SOLAR EN FRUTOS DE TOMATE (Solanum lycopersicum COSECHADOS EN CUBA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagmara Plana Ramos

    2011-01-01

    Full Text Available El propósito de este trabajo fue el de estudiar lasafectaciones producidas por la mancha solar en frutos de tomate(Solanum lycopersicum en nuestras condiciones de trabajo.Para ello, se empleó una escala e índice que nos permitiódescribir la severidad e intensidad del daño. Además, se llevóa cabo un estudio histológico, de calidad y nutricional confrutos sanos y afectados. El 80 % de los frutos evaluados estabaafectado por mancha solar, con una intensidad baja (36,5, perode severidad máxima en la escala. El estudio histológico reveló diferencias en cuanto al tamaño celular y morfología delpericarpio entre frutos sanos y con mancha solar. Los valoresde los análisis de calidad no revelaron afectaciones debidas a la presencia de mancha, pero la estimación de la concentraciónde licopeno en frutos con mancha disminuyó de 92 ¿g/g enfrutos sanos a 74 ¿g/g en frutos dañados. Estos resultados permitieron corroborar que estamos en presencia del desordenllamado mancha solar, que se caracteriza por un desarrollo anormalde la maduración y bajos valores de licopeno en los fruto safectados. Estas observaciones proveen las bases paracomparar la mancha solar en tomates con otros desórdenes dela maduración.

  4. Frutos y semillas de un bosque subandino en Cundinamarca, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Obando Polo Sandra Heliany

    2002-06-01

    Full Text Available En Colombia los estudios sobre la morfología de frutos y semillas son escasos, especialmenteen plantas silvestres. En este estudio se caracterizó y analizó la morfología externa de los frutosy semillas de un bosque relictual localizado a 2.000 m, en los Andes de Colombia. Se estu-diaron los frutos y semillas de 60 especies nativas de tipo arbóreo y arbustivo distribuidas en34 familias y 53 géneros. Los frutos y semillas se colectaron durante la época de muestreodesde julio de 2001 a mayo de 2002. El estudio se basa en su totalidad del material frescoobtenido en el campo y en contadas excepciones se consultó material existente en los ejem-plares del Herbario Nacional Colombiano, principalmente para especies con estructuras detipo seco cuya morfología no sufre deformación en el secado. Los caracteres externos de los fru-tos y semillas muestran variación entre las familias y entre especies. Los caracteres de mayorutilidad taxonómica para las dos estructuras carpológicas son tamaño y forma estructural,aunque por sí solos no ofrecen una clara delimitación de las especies. De manera específica,en los frutos la superficie del exocarpo y en las semillas la superficie de la cubierta seminal sonlos más relevantes. En los resultados se incluyen aspectos taxonómicos y florísticos, se registrauna especie de Mabea (Euphorbiaceae nueva para la ciencia la cual está siendo descritaseparadamente, así como un nuevo registro para Colombia de una subespecie de Psychotria(Rubiaceae que solo había sido encontrada en Venezuela. Se elaboraron descripciones, clavessinópticas y dicotómicas e ilustraciones para los frutos y las semillas, para cada especie seincluye además la descripción general vegetativa, su distribución y usos. Los resultados finalesse esperan publicar en un manual de identificación de frutos y semillas.

  5. Éxito reproductivo y calidad de los frutos en poblaciones del extremo sur de la distribución de Ipomoea purpurea (Convolvulaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonardo Galetto

    2002-01-01

    Full Text Available Se evaluó la producción de frutos y semillas en Ipomea purpurea en relación con diferentes tratamientos de polinización (autopolinización espontánea, autopolinización manual y polinización cruzada, durante dos temporadas reproductivas. La masa de los frutos, de las semillas y el número de semillas por fruto, se compararon entre tratamientos y entre años, a fin de detectar diferencias en la calidad de los frutos. Los resultados para las poblaciones estudiadas en el centro de Argentina confirman que se trata de una especie autocompatible y con la capacidad de producir frutos por autogamia espontánea. Los valores de éxito reproductivo mediados por polinización natural fueron altos (> 50%. Un fruto maduro pesa 0,1 g y contiene 4-6 semillas; la masa del total de semillas producidas por un fruto representa alrededor del 60% de la masa total del fruto. Los caracteres de los frutos y las semillas no presentaron diferencias significativas entre años o tratamientos. Asimismo, se compararon los frutos provenientes de polinización natural entre los individuos con distinto color de flor. En general, tampoco se encontraron diferencias significativas. Sólo los frutos provenientes de flores rosa presentaron un número significativamente menor de semillas que los frutos de los otros morfotipos florales (blanco o púrpura. El grupo principal de visitantes florales fue el de los Himenópteros, que pueden ser considerados polinizadores. Se registraron otros grupos de visitantes florales que no tendrían un papel preponderante en la transferencia de polen

  6. Dimensionamento amostral para analisar caracteres físicos e químicos de frutos de maracujá-fedorento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edilson Romais Schmildt

    Full Text Available RESUMO Objetivou-se, com este trabalho, determinar o tamanho de amostra para análise de caracteres físicos e químicos de frutos maduros de maracujá-fedorento (Passiflora foetida. Foram colhidos, aleatoriamente, 150 frutos de plantas cultivadas em casa de vegetação. Em laboratório, esses frutos foram mensurados quanto a 12 caracteres (comprimento longitudinal; diâmetro equatorial; massa de fruto; massa de casca; massa de polpa; rendimento de polpa; peso de sementes por fruto; número de sementes por fruto; massa de sementes por fruto; acidez titulável; sólidos solúveis e ratio, sendo calculadas as medidas de tendência central e de dispersão e verificada sua normalidade. Determinou-se o intervalo de confiança bootstrap percentil, a partir da simulação de tamanho 4.000, para 150 tamanhos de amostra (1, 2, ..., 150 frutos de cada caractere mensurado. Os caracteres físicos e químicos analisados em frutos maduros de P. foetida apresentam diferentes precisões experimentais e requerem diferentes tamanhos de amostra. Para o comprimento longitudinal, por exemplo, o diâmetro equatorial e a relação entre estes, seis frutos são suficientes para a estimação da média com um erro de estimação de 5% da média. Se forem considerados todos os caracteres físicos e químicos de frutos maduros, analisados neste trabalho, são necessários no mínimo 39 frutos, assumindo-se erro de 10% da estimativa da média.

  7. La toxicidad por exceso de Mn y Zn disminuye la producción de materia seca, los pigmentos foliares y la calidad del fruto en fresa (Fragaria sp. cv. Camarosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Casierra-Posada Fanor

    2005-12-01

    estudiar la respuesta de plantas de fresa (Fragaria sp. cv. Camarosa a niveles elevados de Zn y Mn en el suelo. Las plantas de fresa crecieron en materas llenas con suelo en un invernadero en Tunja (Colombia. Se le adicionó gradualmente 350 mg de Zn ó 150 mg de Mn, como ZnSO4.7H2O y MnSO4. H2O, respectivamente, por kilogramo de suelo secado al aire. Las plantas se cosecharon 16 semanas luego de empezados los tratamientos. Se determinó: área foliar total; producción de materia seca; contenido de clorofila a, clorofila b y carotenos en hojas; contenido de sólidos solubles totales y diámetro longitudinal en frutos. Los resultados indicaron que altas concentraciones de Zn y Mn reducen el área foliar y la producción de materia seca. La calidad de la fruta se afectó por estos metales en el suelo: en plantas tratadas con altas concentraciones, los sólidos solubles totales de los frutos fueron menores que en los testigos, se les redujo el diámetro y disminuyó el contenido de clorofila y carotenos en las hojas. Se evidenció una mayor toxicidad del Zn para las plantas que del Mn.

  8. Efeito da carga pendente na qualidade de frutos de laranjeira 'Valência'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Franco Duarte

    2011-09-01

    Full Text Available Algumas espécies de citros apresentam produção irregular ao longo dos anos. Além da safra irregular, a alternância de produção pode interferir na qualidade dos frutos, característica cada vez mais valorizada pelo mercado citrícola. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da carga pendente na qualidade dos frutos da laranjeira 'Valência'. O experimento foi conduzido com laranjeiras 'Valência' enxertadas em tangerineiras 'Cleópatra' em condição de campo. Em janeiro de 2007, metade das plantas teve todos os seus frutos retirados, enquanto a outra metade permaneceu intacta. As plantas que tiveram seus frutos retirados apresentaram, em setembro de 2007, floração mais intensa e, portanto, uma Alta Carga de frutos (AC, 752 frutos/árvore em 2008, quando comparadas às plantas que não tiveram seus frutos retirados, que apresentaram Baixa Carga de frutos (BC, 317 frutos/árvore. Os frutos maduros, colhidos em dezembro de 2008, foram analisados quanto à massa, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, espessura e cor da casca, teor de suco e número de sementes. Na safra seguinte, de 2009, as avaliações das características físicoquímicas dos frutos foram repetidas nas mesmas árvores, mas durante quatro momentos entre o período de frutificação e a colheita, em novembro de 2009. Na safra de 2008, houve diferença na massa individual dos frutos com valores de 172 e 158g nas plantas BC e AC, respectivamente. O teor de sólidos solúveis, acidez titulável, teor de suco nos frutos, espessura da casca e o índice tecnológico foram semelhantes entre os tratamentos, nas safras de 2008 e 2009. Entretanto, vale considerar que, como a produção de frutos nas plantas AC, na safra de 2008, foi 2,2 vezes maior se comparada às das plantas BC (AC: 2,9 caixas/planta e BC: 1,3 caixa/planta, a quantidade total de sólidos solúveis produzida por planta também foi maior. Não houve influência da carga pendente de frutos no teor de a

  9. Desenvolvimento dos frutos de pêssego 'Aurora' e nectarina 'Sunraycer' no sul de Santa Catarina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilio Della Bruna

    2011-10-01

    Full Text Available O desenvolvimento do fruto de pessegueiro é resultado da diferenciação e do crescimento das paredes do ovário após a fecundação. A persistência e o crescimento do fruto na planta dependem das relações exatas entre os hormônios auxina, giberelina e citocinina que condicionam o desenvolvimento dos frutos, caracterizado por uma curva dupla sigmoide, com três estádios distintos. O presente trabalho teve por objetivo conhecer o comportamento dos frutos e das sementes do pêssego Aurora e da Nectarina Sunraycer durante todo o seu ciclo de desenvolvimento. O crescimento dos frutos e das sementes durante o ciclo foi determinado semanalmente, coletando-se 30 frutos de dez diferentes plantas em ramos previamente identificados. As sementes foram separadas do fruto para a determinação do peso fresco (PF e do peso seco (PS. O crescimento dos frutos da variedade Sunraycer dá-se de forma contínua e acelerada desde a floração até a maturação, sugerindo um curto período ou a inexistência do Estágio II de crescimento. Para a variedade Aurora, a curva de crescimento é diferenciada nos três estádios (I, II e III. O raleio dos frutos deve ser feito até o início do estádio II, para a variedade Aurora e Sunraycer. As sementes das variedades Aurora e Sunraycer atingem seu tamanho máximo no estágio I de crescimento do fruto. O aumento de peso seco na semente, para a variedade Sunraycer, é praticamente inexistente no estádio III, enquanto para a variedade Aurora ocorre o maior aumento de peso seco que vai até a maturação do fruto.

  10. beta-caroteno, ácido ascórbico e antocianinas totais em polpa de frutos de aceroleira conservada por congelamento durante 12 meses beta-carotene, ascorbic acid and total antocyanins in fruit pulp of the acerola tree conserved by the cold for 12 months

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paolo Germanno Lima de Araújo

    2007-03-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar as alterações de b-caroteno, ácido ascórbico e antocianinas totais na polpa de frutos de clones de aceroleira conservada por congelamento. Os frutos dos clones BRS 152 (Sertaneja BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor e II 47/1 foram colhidos no estádio de maturação comercial (vermelho maduro em Limoeiro do Norte, Ceará, Brasil, transportados para a Planta Piloto de Processamento de Frutos da Embrapa Agroindústria Tropical, despolpados, acondicionada a polpa em sacos de polietileno (100 g, congelada, mantida em freezer a -20 °C, e avaliada a cada 30 dias durante 12 meses. O experimento foi realizado em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 6 x 13 (clones x tempo, com 3 repetições. A concentração de beta-caroteno foi estável no clone Cereja, enquanto, nos demais, houve decréscimo durante todo o período do experimento. Houve pequeno decréscimo no teor de ácido ascórbico em todos os clones estudados durante o armazenamento, provavelmente devido à alta acidez da polpa, que auxilia na manutenção deste nutriente. O teor de antocianinas totais foi estável nos clones Frutacor e Sertaneja, enquanto nos demais houve diminuição. O clone II 47/1 foi dentre os estudados o que apresentou maiores teores de ácido ascórbico e antocianinas totais, mantendo estas características durante todo o armazenamento. De um modo geral, os clones em que se determinou menor teor de beta-caroteno foram observadas as mais elevadas concentrações de antocianinas totais.The objective of the work was to evaluate b-carotene, ascorbic acid and total anthocyanins alterations in fruit pulp of acerola tree clones conserved by the cold. The fruit clones BRS 152 (Sertaneja, BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor and II 47/1 were harvested in a commercial maturation stage (ripe red in Limoeiro do Norte, Ceará, Brasil, carried to Planta Piloto de

  11. CARACTERIZACIÓN DE LA MANCHA SOLAR EN FRUTOS DE TOMATE (Solanum lycopersicum) COSECHADOS EN CUBA

    OpenAIRE

    Dagmara Plana Ramos; Marta Álvarez Gil; Francisco Dueñas Hurtado; Regla M. Lara; Carlos Moya López; Marilyn Florido Bacallao; Idioleidys Alvarez Bello; Ofelia Sam Morejón; Rodríguez, J. L.

    2011-01-01

    El propósito de este trabajo fue el de estudiar lasafectaciones producidas por la mancha solar en frutos de tomate(Solanum lycopersicum) en nuestras condiciones de trabajo.Para ello, se empleó una escala e índice que nos permitiódescribir la severidad e intensidad del daño. Además, se llevóa cabo un estudio histológico, de calidad y nutricional confrutos sanos y afectados. El 80 % de los frutos evaluados estabaafectado por mancha solar, con una intensidad baja (36,5), perode severidad máxima ...

  12. Fontes e doses de nitrogênio e a qualidade dos frutos do mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marinho Cláudia Sales

    2001-01-01

    Full Text Available O nitrogênio é um dos nutrientes cujo fornecimento está relacionado aos maiores aumentos na produtividade do mamoeiro. Entretanto, seu efeito sobre a qualidade dos frutos nem sempre tem se mostrado favorável. Com o objetivo de verificar o efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre algumas características qualitativas dos frutos do mamoeiro (Carica papaya L. cv. Improved Sunrise Solo Line 72/12, conduziu-se este trabalho. O experimento foi conduzido no campo, sobre um Argissolo Amarelo, no primeiro ano da cultura, em delineamento de blocos casualizados. Foram estudadas três doses de N (10, 20 e 30 g planta-1 mês-1, e duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e nitrato de amônio. Avaliaram-se o número de frutos por planta, o peso médio dos frutos, o pH, a acidez titulável, o teor de ácido ascórbico e os sólidos solúveis totais. O aumento das doses de N foi acompanhado por um aumento linear do número de frutos por planta. O peso médio dos frutos, o pH e o teor de ácido cítrico não foram afetados pelos tratamentos. O sulfato de amônio provocou um decréscimo linear dos sólidos solúveis totais com o aumento das doses de N. A aplicação de nitrato de amônio promoveu maior produção de frutos com teor mais elevado de vitamina C.

  13. Fontes e doses de nitrogênio e a qualidade dos frutos do mamoeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Sales Marinho

    2001-06-01

    Full Text Available O nitrogênio é um dos nutrientes cujo fornecimento está relacionado aos maiores aumentos na produtividade do mamoeiro. Entretanto, seu efeito sobre a qualidade dos frutos nem sempre tem se mostrado favorável. Com o objetivo de verificar o efeito de fontes e doses de nitrogênio sobre algumas características qualitativas dos frutos do mamoeiro (Carica papaya L. cv. Improved Sunrise Solo Line 72/12, conduziu-se este trabalho. O experimento foi conduzido no campo, sobre um Argissolo Amarelo, no primeiro ano da cultura, em delineamento de blocos casualizados. Foram estudadas três doses de N (10, 20 e 30 g planta-1 mês-1, e duas fontes de nitrogênio (sulfato de amônio e nitrato de amônio. Avaliaram-se o número de frutos por planta, o peso médio dos frutos, o pH, a acidez titulável, o teor de ácido ascórbico e os sólidos solúveis totais. O aumento das doses de N foi acompanhado por um aumento linear do número de frutos por planta. O peso médio dos frutos, o pH e o teor de ácido cítrico não foram afetados pelos tratamentos. O sulfato de amônio provocou um decréscimo linear dos sólidos solúveis totais com o aumento das doses de N. A aplicação de nitrato de amônio promoveu maior produção de frutos com teor mais elevado de vitamina C.

  14. Crescimento, produção e qualidade de frutos de atemoieira ‘Gefner’ submetida a diferentes intensidades de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgílio Jamir Gonçalves Mota Filho

    2013-11-01

    Full Text Available Incrementos na produtividade e na qualidade dos frutos de atemoieira, principalmente no período de entressafra, são prioridades dos produtores. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento e a produção da atemoieira 'Gefner' submetida a diferentes intensidades de poda. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com cinco tratamentos, quatro repetições e uma planta por parcela. Os tratamentos utilizados foram ramos podados com 10, 20, 30, 40 e 50cm de comprimento. Foram avaliados o número de flores, comprimento e diâmetro dos ramos brotados, diâmetro da copa e altura da planta, número de frutos na pré-colheita e colheita, peso total de frutos, peso médio de frutos, diâmetro dos frutos, comprimento dos frutos, peso da casca dos frutos, peso de polpa e semente dos frutos, teor de sólidos solúveis, acidez titulável e pH. As características avaliadas foram submetidas à análise de variância, tendo os efeitos dos diferentes comprimentos dos ramos podados testados e ajustados em equações de regressão. Não foram observados efeitos significativos sobre as características altura de plantas, diâmetro da copa, peso total de frutos, diâmetro dos frutos, comprimento dos frutos, peso da casca dos frutos, peso de polpa e semente dos frutos, teor de sólidos solúveis, acidez titulável e pH. Entretanto, foi observada redução linear do número de flores, comprimento e diâmetro dos ramos brotados, à medida que aumentou a intensidade de poda.

  15. Composição mineral de frutos tropicais na colheita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rúter Hiroce

    1977-01-01

    Full Text Available Amostras de diversas partes de frutos tropicais foram colhidas para estudo de sua composição mineral. Os materiais estudados foram representados por amostras de abacate "collinson", abacaxi "cayenne", banana "nanicão", castanha-do-pará, goiaba "IAC-4", jaca-dura, mamão-de-polpa-amarela, mangas "haden", "extrema" e "carlota", e maracujá flavicarpa. Para as análises químicas, os frutos foram divididos em casca, polpa e sementes (abacate e jaca; em casca + polpa e sementes (mamão e manga; em casca e polpa (abacaxi; em casca do fruto, casca de amêndoa e amêndoa (castanha-do-pará; banana, goiaba e maracujá não foram divididos. Foram calculadas as porcentagens de água nessas partes e as proporções dessas partes em relação ao fruto inteiro. Nas amostras secas dos frutos ou de suas partes foram dosados todos os nutrientes minerais das plantas, além de cobalto, alumínio e sódio. As quantidades dos elementos extraídos foram calculadas por tonelada de frutos nas condições normais de colheita. De um modo geral, nitrogênio e potássio foram os nutrientes extraídos em quantidades mais elevadas e o molibdênio, nas mais baixas. A castanha-do-pará foi o fruto que extraiu os nutrientes em quantidades mais elevadas.

  16. Desfolha e posição do fruto em meloeiro cv. Don Luis, cultivado em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline da Silva Bhering

    2013-02-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do número de folhas e da posição de fixação do fruto na planta sobre a produção de biomassa e a qualidade de frutos de meloeiro tipo Cantaloupe. O experimento foi constituído de quatro tratamentos, delineamento inteiramente casualizado, com 15 repetições. Os tratamentos foram: 1 14 folhas/planta, com fruto fixado na posição intermediária da planta; 2 14 folhas/planta, com fruto fixado no alto da planta; 3 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas imediatamente abaixo do fruto; e 4 14 folhas/planta até a fixação do fruto no alto da planta, quando foram retiradas as sete folhas na base da planta. Avaliaram-se: área foliar; área foliar específica; razão de área foliar; dias para colheita; ciclo cultural; diâmetro, comprimento, massa da matéria fresca, espessura do pericarpo, diâmetro da cavidade e teor de sólidos solúveis de fruto; e massa da matéria seca de folhas, caule, pecíolo e fruto. A condução das plantas com maior número de folhas (tratamentos 1 e 2 proporcionou maior área foliar, massa da matéria seca de folhas, massa das matérias fresca e seca de fruto, espessura do pericarpo e sólidos solúveis de fruto, comparado aos tratamentos 3 e 4. Maior área foliar/fruto proporciona frutos com maiores massa, espessura de pericarpo e teor de sólidos solúveis. A fixação do fruto na porção intermediária, comparada à fixação no topo da planta, tem como vantagem o menor ciclo cultural. O meloeiro ajusta a produção de massa dos órgãos à área foliar disponível na planta.

  17. Caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Flávio Gabriel Bianchini

    2016-03-01

    Full Text Available RESUMO O cambucizeiro (Campomanesia phaea, pertencente à família Myrtaceae, é uma planta nativa da Mata Atlântica brasileira. A descrição das características dos frutos de cambucizeiro é importante para subsidiar novos trabalhos de melhoramento genético e sua exploração comercial, principalmente no que tange ao processamento dos frutos. O presente trabalho teve como objetivo realizar a caracterização morfológica e química de frutos de cambucizeiro. Cinquenta e oito acessos, oriundos de diferentes locais da Mata Atlântica e Serra do Mar paulista, foram coletados, propagados por sementes e um exemplar de cada acesso encontra-se no Núcleo de Produção de Mudas de São Bento do Sapucaí (SP. Quarenta frutos de cada acesso foram coletados no mês de maio e submetidos às seguintes análises: diâmetro longitudinal e transversal, massa fresca total dos frutos, número e massa das sementes, sólidos solúveis totais, % ácido cítrico, ratio, firmeza, vitamina C e coloração. A conformidade dos frutos varia intensamente entre os acessos. O número de sementes não é um bom indicativo para a relação com a massa do fruto, mas sim a massa de mil sementes. Alguns acessos possuem elevado teor de sólidos solúveis, mas, por outro lado, a grande maioria possui frutos com elevada acidez. Cambuci é uma excelente fonte de vitamina C. Os frutos dos acessos são de coloração verde, persistindo uma tonalidade opaca quando maduros.

  18. Concentração eficiente e econômica de caulim para a proteção de algodoeiro contra o bicudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lígia Aureliano de Lima e Silva

    2015-09-01

    Full Text Available Resumo:O objetivo deste trabalho foi determinar a concentração de caulim mais eficiente e econômica para a proteção de algodoeiro contra os danos causados pelo bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com cinco tratamentos de pulverizações com caulim nas concentrações: 20, 40, 60, 80 e 100 g L-1. Determinaram-se os seguintes parâmetros: percentagem de botões florais com orifícios de oviposição por fêmeas do bicudo; resíduos de caulim depositados sobre as folhas e as brácteas do algodoeiro; média da produção; e receita líquida do algodão, por hectare, a partir da pesagem da pluma de algodão com caroço. As percentagens de botões florais com orifício de oviposição variaram de 13,6 a 30,8%; o resíduo médio de caulim depositado nas folhas, de 0,0010 a 0,0034 mg mm-2, e nas brácteas, de 0,0010 a 0,0034 mg mm-2; a produção variou de 348,1 a 717,8 kg ha-1; e a receita líquida de algodão de R$ 1.033,88 a R$ 2.098,86 por hectare. As concentrações de caulim mais eficientes para a proteção de algodoeiro contra o bicudo são as de 60, 80 e 100 g L-1; no entanto, a de 60 g L-1foi a mais econômica.

  19. Control de dos especies de Colletotrichum causantes de antracnosis en frutos de papaya Maradol Control of two species of Colletotrichum causing anthracnose in Maradol papaya fruits

    National Research Council Canada - National Science Library

    Felipe Santamaría Basulto; Raúl Díaz Plaza; Omar Gutiérrez Alonso; Jorge Santamaría Fernández; Alfonso Larqué Saavedra

    2011-01-01

    La antracnosis es una limitante de la vida útil de los frutos de papaya, es causada principalmente por Colletotrichum gloeosporioides, aunque es posible encontrar otras especies de Colletotrichum causando enfermedades en un mismo cultivo...

  20. EVALUACIÓN DEL USO DE ENZIMAS Y FILTRACIÓN POR GRAVEDAD PARA LA CLARIFICACIÓN DE UNA MEZCLA DILUIDA DE PULPA DE FRUTOS DE CACTUS (OPUNTIA BOLDINGHII BRITTON & ROSE, JUGOS DE NARANJA Y TORONJA EVALUATION OF THE USE OF ENZYMES AND GRAVITY FILTRATION FOR CLARIFICATION OF DILUTED MIXTURE OF CACTUS (OPUNTIA BOLDINGHII BRITTON & ROSE FRUITS PULP, ORANGE AND GRAPEFRUIT JUICES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Alberto Padrón Pereira

    2010-06-01

    Full Text Available En Venezuela los frutos de cactus (Opuntia boldinguii son de escasa utilidad comercial. Para su aprovechamiento se evaluó el efecto del uso combinado de enzimas fibrolíticas y filtración por gravedad en la clarificación de una mezcla diluida de pulpa de frutos de cactus, jugos de naranja y toronja. Se compararon los valores de las curvas de flujo de filtrado de las mezclas hidrolizada y sin hidrolizar mediante la prueba t de Welch. La concentración óptima de enzimas fue 0,76% (v/v. La hidrólisis enzimática previa a la pasteurización no afectó el color de la mezcla. Durante los ensayos de pasteurización (62 ± 1 ºC por 30 min hubo grandes cambios de coloración, solo en la mezcla hidrolizada, por degradación de las betalaínas y la adición de ácido ascórbico (0,5% p/v permitió preservar el color. Hubo diferencias altamente significativas entre los valores de las curvas de flujo de filtrado (PIn Venezuela the fruits of cactus (Opuntia boldinguii are of scarce commercial usefulness. For its utilization the effect of combined use of fibrolytic enzymes and gravity filtration for clarification of diluted mixture of cactus fruits pulp, orange and grapefruit juices was evaluated. The values of filtered-flow curves of hydrolyzed and not hydrolyzed mixtures were compared by means of Welch’s t-test. The optimal enzymes concentration was 0.76% (v/v. The prior enzymatic hydrolysis to the pasteurization does not affect the color of the mixture. During the pasteurization assays (62 ± 1 ºC for 30 min there were large changes of coloring, only in the hydrolyzed mixture, by betalains degradation and the addition of ascorbic acid (0.5% w/v permitted to preserve the color. There were highly significant differences between the filtered-flow curves values (P<0.01. The filtered-flow of the hydrolyzed mixture elapsed 110 min (0.159 mL·min-1 was greater to the not hydrolyzed mixture (control flow to the 8 min (0.100 mL·min-1. The juice production

  1. Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lima Alves Pôrto

    2012-01-01

    Full Text Available Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1, com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (p<0,01 pelas doses de N. Os valores máximos do número de frutos por planta (7,7 unidades, massa média de frutos (240 g fruto-1 e produtividade de frutos (29,88 t ha-1 foram obtidos com 323, 265 e 331 kg ha-1 de N, respectivamente. A dose de máxima eficiência econômica de N para a cultura da abobrinha foi de 322 kg ha-1, resultando em uma produtividade de frutos de 29,86 t ha-1. O teor de nitrato nos frutos proporcionou incremento linear em função das doses de N verificando-se, com a dose máxima, o teor na matéria fresca de fruto de 162 mg kg-1 de nitrato, valor que não representa risco para saúde humana.

  2. Atividade antioxidante de frutos de quatro cultivares de pessegueiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Mendes dos Santos

    2013-06-01

    Full Text Available Esforços são empregados para identificar plantas com teores de antioxidantes que conferem benefícios à saúde. A capacidade antioxidante do pêssego deve-se aos compostos fenólicos, vitamina C e carotenoides. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quatro cultivares de pessegueiro (Aurora, Biuti, Diamante e Douradão em relação à capacidade antioxidante, determinando o teor dos compostos antioxidantes relacionados a essa atividade. Os frutos foram separados em dois grupos: sem armazenamento e armazenados por cinco dias à temperatura ambiente. Foram determinados os teores de vitamina C, carotenoides, compostos fenólicos e a capacidade antioxidante, pelos métodos DPPH e β-caroteno/ácido linoleico. As quatro cultivares mostraram-se ricas em substâncias antioxidantes, porém a intensidade dessa ação foi diferenciada entre elas. A cultivar Biuti apresentou maior teor das substâncias analisadas e maior atividade antioxidante em relação às outras cultivares. Foi observado que o potencial antioxidante dos frutos de pêssego aumentou durante o período de armazenamento.

  3. CARACTERIZAÇÃO BROMATOLÓGICA DE FRUTOS E GELEIAS DE AMORA-PRETA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ANGELA VACARO DE SOUZA

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO A amora-preta é um fruto de alta perecibilidade e por isso seu aproveitamento é preferencialmente industrial. Entretanto, há pouca informação na literatura a respeito do efeito do processamento de produtos elaborados a partir da amora. Neste trabalho, foram avaliados frutos e geleias em três estádios de colheita diferentes. O objetivo foi realizar a caracterização bromatológica, a quantificação de pectina total e solúvel e de macro e micronutrientes dos frutos e geleias. Os resultados mostraram que a amora-preta apresenta alto potencial para industrialização, pois em grande parte dos compostos avaliados, não houve grandes alterações decorrentes do processamento.

  4. Análise de trilha em caracteres de frutos de jabuticabeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa Padilha Salla

    2015-03-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar os efeitos diretos e indiretos de caracteres dos frutos de jabuticabeira (Plinia cauliflora sobre o rendimento de polpa e o teor de antocianinas na casca. Foram coletados frutos de 36 jabuticabeiras, em cinco locais de ocorrência, na região Sudoeste do Paraná. Diferentes estratégias de análise de trilha foram utilizadas na avaliação dos seguintes caracteres dos frutos: peso e diâmetro; rendimento de polpa; percentual de sementes e casca; teores de sólidos solúveis totais, acidez titulável, antocianinas e flavonoides; e número de sementes por fruto. A estratégia de análise de trilha com regressão em crista teve melhor desempenho que a de análise com exclusão de caracteres, principalmente sob presença de multicolinearidade severa no conjunto de dados. O percentual de polpa e o teor de sólidos solúveis totais podem servir de critérios de seleção indireta no aumento do teor de antocianinas na casca da jabuticaba. O percentual de casca é a principal característica com efeito determinante no percentual de polpa de jabuticabas, e a seleção indireta para frutos com menor quantidade de casca pode ser eficaz para aumentar o rendimento de polpa.

  5. GROSOR DEL FRUTO DE LA ÚLTIMA Y SEGUNDA MANO COMO CRITERIO DE COSECHA EN BANANO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas-Calvo

    2012-01-01

    Full Text Available Grosor del fruto de la última y segunda mano como criterio de cosecha en banano. El objetivo de este trabajo fue determinar la relación entre el grosor del fruto central de las manos última y segunda, como criterio de cosecha en el banano. Las mediciones se efectuaron semanalmente (mm de la segunda a la décima semana después de la fl oración y fueron transformadas a treintaidosavos de pulgada (tdp donde 1 tdp= 0,7914 mm, para la generación de ecuaciones de regresión para ambas manos, considerando, o ignorando, el tamaño del racimo. El grosor del fruto central de la última mano fue estimado a partir del grosor del fruto central de la segunda mano, y viceversa para el grosor del fruto de la segunda mano. Los valores de grosor del fruto central de la última mano (valores Y obtenidos aplicando los grosores mínimos preestablecidos de cosecha para el fruto central de la segunda mano (valores x: 43; 44 y 45 tdp fueron superiores a 40 tdp, independientemente del tamaño del racimo, e inclusive superó en la mayoría de las veces, a 41 tdp. Inversamente, aplicando los valores mínimos de grosor de la última mano, predefi nidos para la cosecha (valores x: 39; 40 y 41 tdp, se obtuvieron valores de grosor del fruto central de la segunda mano (valores Y, que no superaron el valor de 43 tdp excepto para x=41 en los racimos de siete a nueve manos. Los racimos cosechados con la exigencia mínima de empaque aplicada para la última mano, tuvieron menos peso, por estar conformados de frutos con menor grosor, que aquellos que se cosecharían mediante la medición en la segunda mano.

  6. Utilização de frutos de cactos (Cactaceae como recurso alimentar por vespas sociais (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae em uma área de caatinga (Ipirá, Bahia, Brasil The use of cactus fruit food resources by social wasp (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae in an area of Caatinga (lpirá, Bahia, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gilberto M. M. Santos

    2007-12-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo identificar as espécies utilizadas como recurso alimentar e descrever os padrões locais de utilização de frutos de cactos como recurso alimentar por vespas sociais em uma área de Caatinga. Novecentos e oito indivíduos de nove espécies de vespas foram capturados visitando seis espécies de cactáceas. Cereus jamacaru DC. e Pilosocereus catingicola (Gurke Byles & G.D foram as cactáceas mais utilizadas por vespas sociais, tanto em número de espécies quanto de indivíduos. Polybia paulista von Ihering, 1896, Polybia ignobilis (Haliday, 1836, Polistes versicolor (Olivier, 1791, Polistes simillimus Zikán, 1951, Polistes billardieri Fabricius, 1804, Polistes canadensis (Linnaeus, 1758, Polybia occidentalis (Olivier, 1791 e Polybia sericea (Olivier, 1705 apresentaram as maiores amplitudes de nicho trófico. As maiores sobreposições no nicho trófico foram observadas entre Mischocyttarus lanei Zikán, 1949 e Polistes simillimus Zikán, 1951 (0,83. Os altos níveis de sobreposição de nichos observados são explicados em função do comportamento generalista das vespas sociais, bem como da exploração intensiva de poucas espécies de cactáceas.This study aims to identify food resource plants used by social wasp species in a Caatinga area, as well as describe the local patterns of cactus fruit resources used by wasps. Nine hundreds and eight foraging wasps, belonging to nine species, were captured while visiting six cactus species. Cereus jamacaru DC. and Pilosocereus catingicola (Gurke Byles & G.D. were the most frequently visited plants. Several wasp species and a great number of individuals visited them. Polybia paulista von Ihering, 1896, Polybia ignobilis (Haliday, 1836, Polistes versicolor (Olivier, 1791, Polistes simillimus Zikán, 1951, Polistes billardieri Fabricius, 1804, Polistes canadensis (Linnaeus, 1758, Polybia occidentalis (Olivier, 1791 and Polybia sericea (Olivier, 1705 had the larger trophic

  7. Potencial germinativo de sementes e qualidade de keikis de Dendrobium nobile em diferentes fases do desenvolvimento dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Sorgato

    2015-11-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar o potencial germinativo das sementes, formadas por autopolinização manual, em frutos de pseudobulbos de Dendrobium nobile, em diferentes estágios de maturação. Aos 90, 120, 150, 180, 210, 240, 270 e 300 dias após polinização (DAP, cinco pseudobulbos contendo frutos foram destacados da planta-mãe e plantados em recipiente de polipropileno, permanecendo até 300 DAP. Depois desse período, os pseudobulbos foram avaliados quanto ao número de keikis e os keikis produzidos quanto ao diâmetro e comprimento de pseudobulbo, número de folhas e de raízes. A seguir, os frutos foram destacados dos pseudobulbos e avaliados quanto ao diâmetro da maior porção do ovário, comprimento e massa fresca do fruto, massa fresca das sementes e do pericarpo. Para cada época de coleta de frutos, as sementes foram submetidas ao teste de tetrazólio e ao teste de germinação. Quanto maior o diâmetro do fruto, a porcentagem de sementes viáveis e a porcentagem de germinação de D. nobile também aumentaram, e essa relação foi crescente à medida que aumentam os dias de permanência dos frutos na planta-mãe. Além disso, pseudobulbos que permaneceram menos tempo na planta-mãe apresentaram maiores números de keikis e, para que a porcentagem de germinação in vitro de D. nobile seja superior a 75% os pseudobulbos, contendo fruto, devem ser coletados a partir dos 166 DAP.

  8. Tamaño óptimo de muestra para evaluar el patrón de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Mercedes Avanza

    2010-12-01

    Full Text Available Los modelos de crecimiento de frutos describen la evolución de su tamaño a lo largo del período de desarrollo. Con fines de pronóstico, estos modelos permiten estimar en forma anticipada el tamaño que alcanzarán los frutos al momento de la cosecha. Para lograr estimaciones insesgadas del tamaño de frutos a cosecha es necesario un diseño adecuado de muestreo en la etapa de recolección de datos. El objetivo del presente trabajo fue determinar el tamaño óptimo de muestra, compuesta por árboles (n y frutos (m, para establecer modelos de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late', que permitan estimar la distribución de tamaño a la cosecha. Se trabajó con el diámetro ecuatorial de frutos previo a la cosecha, proveniente de dos huertos comerciales ubicados en la provincia de Corrientes, Argentina, durante tres temporadas. Mediante modelos mixtos se estimaron las componentes de varianzas entre árboles y frutos, y posteriormente a partir de dos tipos de metodologías se determinó el tamaño de muestra óptimo. La variabilidad entre frutos fue superior a la variabilidad entre árboles. Para la determinación del patrón de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late' mediante un muestreo bietápico, se sugiere seleccionar 7 árboles y 30 frutos de cada árbol, para lograr estimaciones del diámetro ecuatorial de frutos con una precisión entre el 2 y 3%.

  9. Estudio de los factores de patogenicidad/virulencia de Penicillium digitatum sobre frutos cítricos.

    OpenAIRE

    2013-01-01

    Las pérdidas causadas por podredumbres durante la post-cosecha de frutos cítricos suelen suponer entre un 5 y un 10 % de la producción, siendo Penicillium digitatum el principal hongo patógeno, responsable de hasta el 80 % de las pérdidas causadas por podredumbres en frutos almacenados a temperatura ambiente. A pesar de la importancia económica de este patógeno nuestro conocimiento sobre los mecanismos de patogenicidad/ virulencia son muy escasos, en contraste con el avance experimentado en l...

  10. Tolerância de frutos de pessegueiro a geadas Fruit frost tolerance in peach

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Paulo Assmann

    2008-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar a tolerância de frutos de pessegueiro aos danos ocasionados pela geada. A geada ocorreu no dia 5 de setembro de 2006, sendo que a temperatura mínima, a 1,5 m do solo, foi de - 1,06ºC. Foram avaliados 28 genótipos de pessegueiro em diferentes estádios fenológicos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três repetições (plantas de pessegueiro, procedendo-se à avaliação em seis ramos por planta. No dia em que ocorreu a geada, foram mensurados o número de frutos por ramo, diâmetro sutural médio dos frutos, número total de gemas vegetativas, percentual de brotação e percentual de brindilas formadas a partir das gemas brotadas. Uma segunda avaliação foi realizada 15 dias após a primeira, para avaliar o percentual de queda de frutos e o diâmetro sutural médio dos frutos remanescentes. Genótipos bem enfolhados e cujos frutos apresentavam endocarpo endurecido, no momento da ocorrência da geada, foram tolerantes ao dano ocasionado pelo frio; frutos com diâmetro sutural inferior a 20 mm foram suscetíveis à geada, enquanto frutos com diâmetro sutural superior a 30 mm apresentaram boa tolerância, independentemente do genótipo avaliado.The aim of this work was to evaluate the fruit damage tolerance in different peach tree genotypes after natural freeze. The frost happened on September 5, 2006, and the minimum temperature, 1.5 meters over soil, was -1.06ºC. Twenty- eight peach tree genotypes, in different stages of development, were evaluated, in a completely random design, in three replication (plants and six branches by plants. Immediately after frost, we measured the number of fruits per branches, average fruit suture diameter, percentage of sprouts and percentage of twigs in formation. A second evaluation was accomplished fifteen days after the first one in order to assess the percentage of fruit drop and the average remaining fruit suture diameter. Genotypes

  11. Desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo

    OpenAIRE

    Gurjão,Kátia Cristina de Oliveira; Bruno, Riselane de Lucena Alcântara; Almeida,Francisco de Assis Cardoso; Pereira, Walter Esfrain; Bruno,Genildo Bandeira

    2006-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar as mudanças físicas e fisiológicas ocorridas durante o desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo. Foram selecionadas árvores de um pomar localizado na Escola Agrotécnica Federal de Sousa-PB, com 50% das inflorescências em antese, cujos ramos, contendo flores abertas, foram marcados, e as colheitas realizadas aos 20; 40; 70; 100; 130; 160; 190; 220; 250; 270 e 280 dias após a antese. A cada colheita, os frutos e as sementes foram submetidos às segu...

  12. Comportamiento de los frutos de guayaba (psidium guajava L. sometidos a impacto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Antonio Yam Tzec

    2011-01-01

    Full Text Available La importancia del cultivo de guayaba radica en el aporte económico para algunas regiones de México. Actualmente se cultiva de forma general en lugares con cierto tipo de condiciones equivalentes en México a zonas como Aguascalientes, Zacatecas y Michoacán. Durante la comercialización se presentan muchos problemas relacionados con los daños mecánicos que se ocasionan durante la cosecha, transporte y almacenamiento, dichos daños aceleran la actividad fisiológica de los frutos de guayaba que se traduce en pérdidas económicas por la reducida vida de anaquel de los frutos. El objetivo de este trabajo consistió en determinar el comportamiento de los frutos de guayaba (psidium guajava L. sometidos a impacto que ocurre durante la cosecha y las siguientes operaciones de manipulación cuando un fruto se golpea contra una superficie, su relación con los procesos fisiológicos, y perdidas de peso. Se realizaron pruebas a frutos de guayaba de las variedades Calvillo y Criolla sometidas a impacto en superficies de madera y plástico. Se midió la producción de etileno y CO2 los cuales son significativos. En el impacto las diferencias notables se vieron cuando se varía la posición de vertical a horizontal observando la mayor deformación en los frutos criollos. Durante los cuatro días que se midieron las variables se observaron pérdidas de peso debidas al impacto de hasta 9%.

  13. Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos Genómica Funcional de Plantas: Estudio del Desarrollo de Flores y Frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octavio Rubén Salazar Moya

    2012-02-01

    Full Text Available La última fase del desarrollo floral es la fertilización de los óvulos y la formación de los frutos,que son muy importantes tanto biológica como económicamente. Notoriamente, más del 80% de los alimentos que son consumidos por el ser humano proviene de flores y frutos.La obtención de conocimientos acerca de las bases moleculares del desarrollo de frutos en especies modelo es de gran interés científico, y un paso indispensable para poder facilitar investigaciones y de ser factible, aplicaciones en frutos de consumo humano. Especialmente en un país como México, con tal riqueza en la diversidad de frutos, este tipo de estudios es necesario y científicamente muy interesante, y tiene repercusiones económicas potenciales importantes. La meta del laboratorio es descubrir genes nuevos involucrados en el desarrollo de frutos, empleando los recursos que brindan plantas modelo como Arabidopsisthaliana. Se hace un enfoque especial en genes que afectan la identidad celular, morfología y que causan partenocarpia (frutos carentes de semillas, para más tarde estudiarlos enotras especies y hacer ensayos para conocer sus alcances en dichas especies.The last stages of fl oral development are ovule fertilization and fruit formation. Fruits are very important both biologically and economically. Notably, more than 80% of human food is obtained from flowers and fruits. Gathering basic knowledge about the molecular mechanisms of fruit development from model species is of great scientific interest, and is an essential step to facilitate research and, when feasible, applications in fruits consumed by humans. Especially in countries like Mexico, which has such a great diversity of fruits, this kind of research is both necessary and scientifically interesting, and has potentially important economic repercussions. The goal of the lab is to discover new genes that are involved inflower development, making use of the resources provided by model plants like

  14. Estudio transcriptómico y metabolómico del desarrollo partenocárpico del fruto de tomate y aplicaciones biotecnológicas

    OpenAIRE

    2010-01-01

    La capacidad de las hormonas vegetales, fundamentalmente auxinas y giberelinas, de inducir el desarrollo del fruto en tomate es bien conocida y utilizada desde hace tiempo e implica su intervención como elementos de señalización que median entre el proceso de fertilización y el posterior desarrollo del fruto. Con objeto de averiguar qué genes están involucrados en el proceso formación del fruto de tomate mediado por hormonas, se realizó un análisis transcriptómico comparativo del desarroll...

  15. Parámetros de las interacciones planta-herbívoros-enemigos naturales en Schoepfia schreberi J. F. GMEL. (Olacaceae): el fruto es el detalle.

    OpenAIRE

    2013-01-01

    En este trabajo se describe de manera general las interacciones de las especies de herbívoros asociados a los frutos de Schoepfia schreberi (Olacaceae). La investigación se llevó a cabo en tres sitios experimentales durante tres años (2009-2011). Los arbustos de S. schreberi producen frutos de enero a mayo, periodo en el que se establecen relaciones directas e indirectas por el uso de sus frutos entre la mosca de la fruta Anastrepha spatulata (Diptera: Tephritidae), dos especies de palomillas...

  16. PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS HÍBRIDOS DE MARACUJAZEIRO-AMARELO NO NORTE DO PARANÁ

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    RICARDO SFEIR AGUIAR

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO Atualmente, encontram-se quatorze cultivares de maracujazeiro-amarelo no Registro Nacional de Cultivares do Ministério da Agricultura. É de grande importância o aprimoramento de trabalhos de melhoramento genético nessa cultura, para favorecer a disponibilização de novas cultivares adaptadas às regiões produtoras. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e as características qualitativas dos frutos de treze híbridos de maracujazeiro-amarelo cultivados no norte do Paraná. As avaliações foram realizadas durante dois ciclos de produção da cultura, de abril a julho de 2009 e de janeiro a julho de 2010, com coletas semanais dos frutos maduros. A produção foi determinada por meio da pesagem dos frutos colhidos e do número de frutos por planta. Para as características qualitativas, foram avaliados: massa, comprimento, diâmetro, relação entre comprimento e diâmetro dos frutos, espessura da casca, rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/ATT . Os híbridos ‘66’ e ‘65’ apresentaram, respectivamente, maior produção e maior número de frutos no acumulado das duas safras. Os frutos do híbrido ‘72’ destacaram-se no atendimento das características desejáveis de qualidade para o consumo in natura, enquanto o híbrido ‘69’ apresentou caracteristicas importantes para a indústria de suco.

  17. Efecto de la aplicación de bioactivadores y del raleo manual de frutos sobre el rendimiento y la calidad de melón (Cucumis melo L. bajo cultivo protegido en Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Alvarado-Sánchez

    2015-12-01

    Full Text Available Se evaluó el efecto del raleo manual de frutos y de la aplicación de los bioactivadores Algamix y Engordone sobre el rendimiento y la calidad del melón amarillo var. JMX-902. No se encontraron diferencias significativas con respecto a la firmeza del fruto, concentración de sólidos solubles totales, peso del fruto, rendimiento total, peso del fruto comercializable, rendimiento comercializable, y rendimiento por planta. Se encontraron diferencias significativas entre los tratamientos para el número de frutos por planta; las plantas tratadas con solo Engordone y solo Algamix presentaron mayor número de frutos por planta con respecto a otros tratamientos, pero estos resultados no fueron distintos de los del Testigo. Se encontraron diferencias significativas al distribuir la producción según distintas categorías de peso; el rendimiento de frutos de melón con un peso de entre 601-800 gramos fue superior en plantas tratadas con solo Algamix respecto a los demás tratamientos; el rendimiento de frutos de melón con un peso de entre 801-1000 gramos fue superior en plantas tratadas con solo Engordone respecto a los demás tratamientos.

  18. EVALUACIÓN DE DENSIDADES DE SIEMBRA EN Solanum sessiliflorum dunal “COCONA” Y SU EFECTO EN EL RENDIMIENTO DE FRUTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Gonzáles Vega

    2012-12-01

    Full Text Available La cocona es una especie vegetal nativa de América Tropical, cuyos frutos maduros son ricos en hierro, vitamina B5 (Niacina, se utilizan en la preparación de jugos, refrescos, jarabes y ensaladas. El estudio se realizó en el Campo Experimental “El Dorado” de Estación Experimental San Roque, del INIA Loreto con el objetivo principal de determinar el mejor distanciamiento para establecer plantaciones comerciales de Solanum sessiliflorum dunal “Cocona”, en condiciones de suelos no inundables o de altura. Se evaluaron cuatro densidades de siembra 2,0m x 2,0m; 1,5m x 1,5m, 2,0m x 1,0 y 1,5m x 1,0m. Las variables evaluadas fueron el número de frutos, peso de frutos y rendimiento de frutos por cada tratamiento en estudio, el diseño experimental utilizado fue Bloques Completos al Azar (DBCA, con cuatro repeticiones, los datos fueron analizados mediante el Análisis de Variancia y Prueba Estadística de Tukey, usando el software SPSS, versión 10. De los resultados Obtenidos se determinó que la densidad 1,5m x 1,0m (6 666 plantas/ha, produjo el mejor rendimiento con 14 600 kg/ha de fruto, superando significativamente a los tratamientos 2m x 1,0, 1,5m x 1,5m y 2,0 x 2,0m, que alcanzaron rendimientos de fruto de 12020, 11 330 y 10 570 kg/ha, respectivamente. Se concluye que la densidad de siembra influye en el rendimiento de fruto, así a menor número de plantas, mayor número y peso de fruto por planta se obtiene un menor rendimiento de fruto/ha.

  19. EVALUACIÓN DE DENSIDADES DE SIEMBRA EN Solanum sessiliflorum dunal “COCONA” Y SU EFECTO EN EL RENDIMIENTO DE FRUTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Gonzales Vega

    2012-12-01

    Full Text Available La cocona es una especie vegetal nativa de América Tropical, cuyos frutos maduros son ricos en hierro, vitamina B5 (Niacina, se utilizan en la preparación de jugos, refrescos, jarabes y ensaladas. El estudio se realizó en el Campo Experimental “El Dorado” de Estación Experimental San Roque, del INIA Loreto con el objetivo principal de determinar el mejor distanciamiento para establecer plantaciones comerciales de Solanum sessiliflorum dunal “Cocona”, en condiciones de suelos no inundables o de altura. Se evaluaron cuatro densidades de siembra 2,0m x 2,0m; 1,5m x 1,5m, 2,0m x 1,0 y 1,5m x 1,0m. Las variables evaluadas fueron el número de frutos, peso de frutos y rendimiento de frutos por cada tratamiento en estudio, el diseño experimental utilizado fue Bloques Completos al Azar (DBCA, con cuatro repeticiones, los datos fueron analizados mediante el Análisis de Variancia y Prueba Estadística de Tukey, usando el software SPSS, versión 10. De los resultados Obtenidos se determinó que la densidad 1,5m x 1,0m (6 666 plantas/ha, produjo el mejor rendimiento con 14 600 kg/ha de fruto, superando significativamente a los tratamientos 2m x 1,0, 1,5m x 1,5m y 2,0 x 2,0m, que alcanzaron rendimientos de fruto de 12020, 11 330 y 10 570 kg/ha, respectivamente. Se concluye que la densidad de siembra influye en el rendimiento de fruto, así a menor número de plantas, mayor número y peso de fruto por planta se obtiene un menor rendimiento de fruto/ha.

  20. Modelagem matemática da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Willian Dias Araujo

    Full Text Available RESUMO Este trabalho teve por objetivo ajustar modelos matemáticos aos dados experimentais da secagem dos frutos de amendoim em camada delgada, submetidos a diferentes temperaturas do ar de secagem. Foram utilizados frutos de amendoim da cultivar IAC 505. Os frutos de amendoim foram submetidos à secagem em estufa de ventilação forçada com diferentes níveis de temperatura (40; 50; 60 e 70 ºC. Aos dados experimentais foram ajustados dez modelos matemáticos tradicionalmente utilizados para representação da cinética de secagem em camada delgada. Baseado nos resultados encontrados, conclui-se que dentre os modelos ajustados aos dados experimentais, o modelo de Page foi o escolhido para representar o fenômeno de secagem em camada delgada dos frutos de amendoim. O coeficiente de difusão efetivo aumenta com a elevação da temperatura, e a sua relação com a temperatura de secagem pode ser descrita pela equação de Arrhenius. As propriedades termodinâmicas entalpia e entropia tiveram seus valores reduzidos com aumento da temperatura do ar de secagem, enquanto que os valores da energia livre de Gibbs aumentam com o aumento da temperatura.

  1. Descripción morfológica y nutricional del fruto de Rambutan (nephelium lappaceum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas

    2003-01-01

    Full Text Available El estudio se realizó con los cultivares de rambután (Nepheliun lappaceum R- 134, R-162, R-167, Jitlee y Rongrien. La totalidad de los cultivares presentaron frutos ovalados de color rojo intenso y con espinas que cambiaron a dicho color una vez que la totalidad de la cáscara lo hubiera hecho. El peso del fruto (32,7 a 37,3 g, el porcentaje de pulpa en el fruto (40,8 a 51,9%, el porcentaje de grados Brix (18,3 a 18,6 y la fácil y total remoci ón entre la pulpa y la semilla, estuvieron en concordancia con los requerimientos para su uso como fruta fresca exportable o enlatable. El N fue el nutrimento más abundante en el fruto (77 a 87 mg, seguido en orden decreciente por el K (63 a 81 mg, el Ca (22 a 31 mg, el P (11 a 13 mg el Mg (9 a 13 mg, y el S (4 a 6 mg. Los contenidos de Fe, Cu, Zn, Mn y B ocurrieron en menor magnitud (menos de 0,38 mg .

  2. TAMANHO ÓTIMO DE AMOSTRAS DE FRUTOS E DE SEMENTES PARA DETERMINAÇÃO DA POLIEMBRIONIA EM CITROS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CATIANE QUEIROZ DE JESUS SANTOS

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO Poliembrionia e apomixia nucelar são atributos importantes, tanto no melhoramento e seleção de porta-enxertos de citros, como para sua multiplicação comercial. Avaliou-se a poliembrionia e estimouse o tamanho ótimo de amostras de frutos e de sementes de genótipos de citros para determinar o número de sementes por fruto, número de embriões por semente e taxa de poliembrionia. As plantas-matrizes que forneceram os frutos e sementes estão instaladas na Embrapa Mandioca e Fruticultura, em Cruz das Almas, Bahia. Avaliaram-se: tangerineiras ‘Sunki Tropical’, ‘Sunki Maravilha’, ‘Sunki da Flórida’, ‘Sunki Comum’, ‘Dancy’ e ‘Cleópatra’; limoeiros ‘RugosoJambhiri’, ‘Rugoso da Flórida’, ‘Rugoso Comum’, ‘Volkameriano Lagoa Grande’ e ‘Cravo Santa Cruz’; e os híbridos limoeiro ‘Cravo’ x tangerineira ‘Sunki Maravilha’, tangerineira ‘Sunki da Flórida’ x citrangequat ‘Thomasville’ e híbrido de limeira-ácida ‘Tahiti’ obtido por polinização aberta. Os resultados foram submetidos à análise estatística descritiva, estimando-se equações de máxima curvatura para determinação de tamanho ótimo de amostras de frutos e de sementes a partir de 20 ou 100 frutos e de 156 sementes por variedade, respectivamente. A produção de sementes e a poliembrionia variaram expressivamente entre os genótipos avaliados, podendo estes serem classificados em cinco grupos de produção de sementes e de taxa de poliembrionia, respectivamente, compreendendo os intervalos de 2 a 28 sementes e de 12 a 100%. O tamanho ótimo estimado para as amostras foi de nove frutos uniformes, dez e 23 sementes, para determinar, respectivamente, o número médio de sementes por fruto, o número médio de embriões por semente e a taxa de poliembrionia por contagem direta, pois esses valores representam os tamanhos ótimos que atendem a todos os grupos de variedades estudadas.

  3. Efectividad de filtrados de hongos presentes en frutos de maíz (Zea mays L.) sobre Fusarium moniliforme

    OpenAIRE

    Reyes, Janeth; Pineda, Juan de (S.I.), 1558-1637; Sanabria., Maria Elena

    2007-01-01

    Los frutos de maíz son portadores de hongos, como el caso de Fusarium moniliforme, que producen micotoxinas, las cuales pueden ser altamente tóxicas, por lo tanto es necesario controlar su presencia en los mismos. El presente trabajo tuvo como objetivo evaluar la efectividad de fi ltrados puros de hongos presentes en frutos de maíz sobre dicho patógeno. De muestras provenientes de localidades de los Estados Lara, Yaracuy y Portuguesa, se obtuvo la micobiota: Aspergillus ni...

  4. Frutos tropicales como fuente de carotenoides: biosíntesis, composición, biodisponibilidad y efectos del procesamiento

    OpenAIRE

    Tania Chacón Ordóñez; Patricia Esquivel Rodríguez

    2013-01-01

    Los carotenoides son compuestos sintetizados a partir del isopentenil difosfato y pueden ser encontrados en una gran diversidad de frutos. Estos pigmentos han sido de interés por sus beneficios en la salud y sus aplicaciones en la industria alimentaria. Existen muchos factores que pueden afectar su concentración y biodisponibilidad para el ser humano; entre ellas las condiciones de cultivo, el manejo poscosecha y el procesamiento que se les dé a los frutos antes de ser consumidos. Esta revisi...

  5. CARGA ÓTIMA DE FRUTOS NA MACIEIRA ‘PRINCESA’ DE BAIXO REQUERIMENTO EM FRIO INVERNAL:RESULTADOS PRELIMINARES

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    DAMIÁN CÉSAR CASTRO

    2015-06-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da carga de frutos sobre a produção total, calibre, massa média, comprimento dos ramos e intensidade da frutificação no ano seguinte, em plantas de macieira (Malus × domesticaBorkh. cv. ‘Princesa’. Durante os anos de 2009 e 2010, as infrutescências foram submetidas a raleio manual, deixando nas árvores uma carga de 1 a 9 frutos por centímetro quadrado de superfície do tronco (FCQ. A produção total aumentou com o incremento da carga frutífera desde 1 a 9 FCQ, enquanto a massa média dos frutos diminuiu no mesmo intervalo. A quantidade de frutos pequenos aumentou até atingir 10% do total nas plantas de maior carga e a proporção de frutos de tamanho médio cresceu, alcançando 35% do total da produção. No entanto, a quantidade de frutos grandes não foi afetada pelo nível de carga, mantendo-se em maior proporção com relação ao total colhido (˜66%. O crescimento dos ramos, até 60 dias após a colheita, esteve negativamente afetado pela intensidade de carga. Observouse que não houve alternância de safra no ano seguinte ao experimento. A carga ótima para minimizar a produção de frutos pequenos, alcançando a maior produção total sem debilitar as árvores, pode-se atingir no intervalo entre 5 e 9 FCQ.

  6. Processamento, caracteriza??o f?sico-qu?mica e aceitabilidade de xaropes obtidos de frutos de cubiu (Solanun sessiliflorum Dunal) e camu camu (Myrciaria dubia McVaugh)

    OpenAIRE

    Marques, Marduce Pereira

    2006-01-01

    O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) e o camu camu (Myrciaria dubia McVaugh) s?o frutos fruto nativo da Amaz?nia, com grande potencial tecn?logico em fun??o da produtividade, rendimento em polpa e valor nutritivo. Por outro lado, somando-se ao leque de caracter?sticas desej?veis tamb?m se destacam a perda do fruto in natura por falta alternativas para industrializa??o, conserva??o, agrega??o de valor e facilidades para o consumo, e, sobretudo, a necessidade de tecnologias simples. Com objeti...

  7. Fisiologia pós-colheita de frutos da palmeira Syagrus oleracea (Mart. Becc. (Arecaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Santelli

    2006-09-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar algumas das mudanças fisiológicas ocorridas durante o processo de amadurecimento pós-colheita dos frutos de Syagrus oleracea (gueroba, palmeira nativa da região Centro-Oeste brasileira, tais como: a perda de massa, volumes gasosos intercelulares, a concentração interna de CO2 e de O2 e a firmeza, as evoluções de CO2 e etileno tanto à temperatura ambiente (25 ºC quanto à baixa temperatura (8 ºC. Para as análises foram utilizados frutos verdes desta palmeira, coletados no campus da Universidade de Brasília (UnB. Os frutos da gueroba se mostraram sensíveis à injúria por resfriamento. Quando armazenados à temperatura de 8 ºC, apresentaram sinais de injúria pelo frio e não amadureceram mesmo quando foram recolocados à temperatura ambiente (25 ºC. A ocorrência de pico de evolução de etileno e CO2 coincidente, no mesmo dia, e os padrões das curvas de concentração de CO2 e O2 na atmosfera interna com pico são evidências de que se trata de um fruto climatérico, bem como o fato da produção de etileno ter aumentado 12 vezes entre o verde-maduro e o pico. O valor obtido para os volumes gasosos intercelulares da gueroba coloca os seus frutos dentro da faixa de órgãos com média quantidade de volumes gasosos, média susceptibilidade à injúria de impacto e média susceptibilidade as injúrias de amassamento.

  8. Desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo Development of tamarind fruits and seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kátia Cristina de Oliveira Gurjão

    2006-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar as mudanças físicas e fisiológicas ocorridas durante o desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo. Foram selecionadas árvores de um pomar localizado na Escola Agrotécnica Federal de Sousa-PB, com 50% das inflorescências em antese, cujos ramos, contendo flores abertas, foram marcados, e as colheitas realizadas aos 20; 40; 70; 100; 130; 160; 190; 220; 250; 270 e 280 dias após a antese. A cada colheita, os frutos e as sementes foram submetidos às seguintes avaliações: comprimento, largura e espessura dos frutos e sementes (cm; massa da matéria seca dos frutos e sementes (g; teor de água das sementes (%; teste de germinação (%. As plantas de tamarindo levaram aproximadamente 280 dias após a antese para completar o ciclo desde a floração até a colheita, período representado pelo crescimento, maturação e o amadurecimento dos frutos. O crescimento dos frutos de tamarindo pode ser descrito por um modelo sigmoidal simples. A maturação fisiológica dos frutos de tamarindo ocorreu no período entre 270 e 280 dias após a antese, coincidindo com o desprendimento natural da planta-mãe e a maturação das sementes, aos 277 dias após a antese.The objective of this work was to evaluate the physical and physiologic changes happened during the development of tamarind fruits and seeds. Trees of a located orchard were selected at the Federal Agrothechnic School of Sousa-PB, with 50% of the inflorescences in anthesis, which branches, containing open flowers, were marked and the crops were accomplished to the 20, 40, 70, 100, 130, 160, 190, 220, 250, 270 and 280 days after anthesis. To each crop, fruits and seeds were submitted to the following evaluations: length, width and thickness of fruits and seeds (cm; fruits and seeds dry matter mass (g; seeds water content (% and germination test (%.Tamarind plants took approximately 280 days after anthesis to complete the cycle from blooming to crop

  9. Determinación de las causas del rajado del fruto de uchuva (Physalis peruviana L. bajo cubierta. II. Efecto de la oferta de calcio, boro y cobre

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cooman Alexander

    2005-06-01

    Full Text Available

    Se evaluo la incidencia del rajado del fruto de uchuva, cultivada en macetas y bajo invernadero, con presencia y ausencia en la fertilizacion de los elementos calcio, cobre y boro, y sus interacciones. Los rendimientos en cosecha se redujeron por la ausencia de calcio y cobre pero el boro no incidio en este aspecto. El peso de los frutos individuales aumento por la ausencia del boro en la fertilizacion, mientras que la ausencia del calcio produjo frutos de menor peso y el cobre no incidio en este aspecto. En el tratamiento de fertilizacion completa, que incluyo todos los elementos, el rajado fue mas importante en las primeras semanas y menor hacia el final del periodo de cosecha. El rajado del fruto se expreso en funcion de la presencia de calcio y boro en la fertilizacion, con un incremento de 5,5 a 13% de frutos rajados cuando cualquiera de los dos era eliminado de la solucion nutritiva. El cobre no tuvo efecto sobre la incidencia del rajado. El tamano del fruto, aunque significativo, incidio poco sobre la ocurrencia del rajado.

  10. Ácido giberélico na produção de frutos partenocárpicos de pimenta

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tofanelli Mauro Brasil Dias

    2003-01-01

    Full Text Available A presença de sementes em frutos, dependendo da espécie, pode ser dispensável ou até mesmo indesejável ao consumo e à culinária, como seria o caso, por exemplo, de algumas pimentas. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de ácido giberélico (GA3 na produção e nas características de frutos partenocárpicos em plantas de pimenta "escabeche" (Capsicum baccatum L.. A semeadura foi realizada em bandejas de poliestireno expandido e o plantio das mudas em estrutura plástica com irrigação por gotejamento. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro tratamentos (0; 700; 1.400 e 2.800 mg L-1 de GA3. Foram feitas duas aplicações de GA3: a primeira quando as plantas estavam em plena floração e a segunda aos 10 dias após a primeira aplicação. Observou-se que o GA3 favoreceu a produção de frutos partenocárpicos (94,6% com 2.100 mg L-1 de GA3, diminuiu a produção de frutos (87,1 g fruto/planta com 2.250 mg L-1 de GA3, aumentou a altura da planta (168,0 cm com 2.450 mg L-1 de GA3, porém, prejudicou as características comerciais dos frutos. É possível produzir frutos partenocárpicos com a aplicação de GA3 em pimenta "escabeche", porém esta técnica não foi agronomicamente viável.

  11. Avaliação de características físico-químicas de frutos de duas espécies de pitaya

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2014-06-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar características físico-químicas dos frutos de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus e Selenicereus setaceus. Foi utilizado um delineamento inteiramente ao acaso, com quatro repetições, sendo cada repetição a média de três frutos. Foram analisados comprimento e diâmetro dos frutos, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. As análises de variância foram realizadas por meio do programa Genes e as médias foram comparadas pelo teste Scott e Knott, a 5% de significância. Foram determinados os coeficientes de correlação de Pearson entre as diferentes características analisadas. Os acessos 02 e 05 da espécie H. undatus destacam-se por apresentarem maiores comprimento, diâmetro e massa dos frutos, comparando com os dos demais acessos. A espécie S. setaceus apresenta maior teor de sólidos solúveis da polpa dos frutos, diferenciando-se significativamente da espécie H. undatus. Altos valores foram encontrados para herdabilidade e CVg, para as características físicas dos frutos de pitaya, estimativas importantes para se determinarem estratégias de seleção e para se estimar o ganho genético. Os resultados das correlações indicam que quanto maior o tamanho e a massa, menor é o teor de sólidos solúveis na polpa dos frutos de pitaya.

  12. Produção e qualidade de frutos de mirtileiros sob diferentes intensidades de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Külkamp de Souza

    2014-12-01

    Full Text Available O sistema de poda do mirtileiro (Vaccinium ashei Read utilizado no país se fundamenta em estudos realizados em locais com condições edafoclimáticas distintas da nossa realidade. Assim, foram avaliadas diferentes intensidades de poda de frutificação em dois genótipos de mirtileiro, e seus efeitos na produção e na qualidade dos frutos. O experimento foi conduzido em pomar comercial, localizado em Pelotas-RS. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados completos, em esquema fatorial (2x4, com quatro repetições. Plantas de sete anos de idade, do grupo Rabbiteye, cultivares 'Briteblue' e 'Woodard', foram submetidas às intensidades de poda leve, moderada, drástica e sem poda (testemunha nos anos de 2010 e 2011, no período de repouso hibernal (primeira quinzena de agosto. Foram avaliadas a produção média por planta, sendo estimada a produtividade por área, peso fresco, diâmetro, teor de sólidos solúveis, pH e acidez titulável dos frutos. De acordo com os resultados, a intensidade de poda tem efeito sobre a antecipação da colheita. Com a decorrência de uma maior intensidade de poda, houve uma tendência de aumento do tamanho dos frutos. Para mirtileiros Briteblue, há decréscimo de produtividade, conforme se aumenta a intensidade de poda. Mirtileiros Briteblue são mais produtivos e apresentam maior matéria fresca de fruto do que Woodard.

  13. Tipologia de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto da APA do Gama e Cabeça de Veado e montagem de Coleção Didática de frutos – Carpoteca - doi: 10.5102/ucs.v9i1.1385

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Cátia Schaffer

    2011-07-01

    Full Text Available Com o objetivo de realizar um levantamento tipológico de frutos e síndromes de dispersão de um fragmento de Cerrado sensu stricto, e montar uma carpoteca, o presente trabalho partiu da premissa de que o Cerrado apresenta alta diversidade de frutos e estratégias de dispersão. Os frutos foram coletados na APA do Gama e Cabeça de Veado (Brasília-DF, entre os meses de agosto de 2009 a maio de 2010. A coleta foi feita pelo método de caminhamento com busca ativa por espécimes maduros. Os frutos foram classificados de acordo com a consistência, deiscência e as síndromes de dispersão, e divididos em grupos, tipos e subtipos. Foram coletados 79 frutos, sendo 70 frutos simples, 7 múltiplos e 2 compostos; 43 deiscentes e 36 indeiscentes; 53 secos e 26 carnosos. Anemocoria foi a síndrome de dispersão prevalecente. A diversidade florística encontrada no fragmento garantiu elevada variabilidade de formas de frutos para a carpoteca.

  14. Efecto del aclareo químico y manual en inflorescencias y frutos de manzano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco J. Almanza

    2000-01-01

    Full Text Available Efecto del aclareo químico y manual en inflorescencias y frutos de manzano. El objetivo fue medir la efectividad del raleo químico y manual en inflorescencia y frutos de manzano; en el primero se aplicó en aspersión Ácido Naftalenacético (ANA a 5, 10 y 15 ppm; Sevin (Carbaryl a 400, 800 y 1200 ppm y Bionex (Adherente a 1 ml/l de agua; esta aplicación se realizó 20 días después de plena floración, la cual se presentó a partir del 18 Abril de 1995. El raleo manual se llevó un mes después dejando un fruto por dardo. El presente trabajo se realizó en el municipio de Arteaga, Coahuila, a una altitud de 2220 msnm. En esta área se seleccionaron los árboles de la variedad Golden delicious que tienen alrededor de 15 años de edad y de un vigor uniforme. La distancia entre plantas e hileras fue de aproximadamente de 6 x 8m. Para probar el objetivo, se aplicó un diseño bloques al azar con nueve tratamientos y 10 repeticiones, aquí cada árbol fue una parcela experimental. Los resultados del análisis de varianza y la prueba de DMS mostraron que el porciento de raleo para tratamiento fue estadísticamente diferente (P<0,01; esta diferencia se atribuye al testigo, el cual fue superado por los demás tratamientos. El raleo de frutos fue efectivo en todos los tratamientos, observándose que el Sevin a 400 ppm produjo mayor raleo junto con ANA a 15 ppmb (no existe diferencias estadísticas. El raleo manual requiere una mayor inversión en todos los sentidos con respecto al método químico. Aparentemente la calidad de fruto (paño y color no fueron afectados por los tratamientos

  15. Teores de minerais em polpas e cascas de frutos de cultivares de bananeira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Fernandes Aquino

    2014-07-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a percentagem de matéria seca, o teor de minerais e a capacidade de fornecimento de minerais, com base na ingestão dietética de referência na polpa e na casca de frutos verdes e maduros de 15 cultivares de bananeira. Utilizaram-se quatro cachos por cultivar e seis frutos por unidade amostral. Foram coletadas amostras frescas da polpa e da casca, para digestões sulfúricas (0,2 g e nitroperclóricas (0,5 g. Foram determinados: no extrato sulfúrico, o N total pelo método Kjeldahl; e, no extrato nitroperclórico, P, K, Ca, Mg, Cu, Mn, Fe, Zn e Se. O P foi determinado por colorimetria, e os demais nutrientes, por espectrofotometria de absorção atômica. O teor de minerais na polpa e na casca foi expresso com base na média dos dois estádios. Há diferenças entre cultivares de bananeira quanto à concentração de macro e micronutrientes na polpa e na casca, mas não entre frutos verdes e maduros. A cultivar Terrinha apresentou a maior percentagem de matéria seca na polpa, e as cultivares Marmelo e Maçã, na casca. Para N, P, Fe, Zn e Cu, a casca apresentou duas vezes o teor da polpa. O teor de K e Mn na casca foi de aproximadamente quatro vezes o da polpa. A polpa da cultivar Caipira (AAA e a casca das cultivares Prata e Pacovan (AAB apresentam os maiores teores de minerais.

  16. Fenología y reproducción de la broca del café (Hypothenemus hampei Ferrari durante el desarrollo del fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jos\\u00E9 Efra\\u00EDn Camilo

    2003-01-01

    Full Text Available Se realizó un estudio en La Cumbre, Santiago, República Dominicana (cosecha 2000-2001 para determinar el estado de posicionamiento y número de instares de broca del café, durante el desarrollo del fruto. El mismo consistió en muestreos sistemáticos semanales a partir de los 77 días post-floraci ón primaria (DPFP; se contó con cuatro repeticiones y se recolectaron 25 frutos por repetición (cinco frutos por rama en cinco plantas. Entre un 70% hasta un 86% de las brocas que emigraron, se mantuvieron en estado de posicionamiento B (susceptibles a las herramientas de manejo antes de los 112 DPFP. A partir de esta fecha se encontró un marcado descenso en el número de éstas a medida que aumentó la edad del fruto, hasta mantenerse en un 10% después de los 147 DPFP y por el contrario el porcentaje de brocas en estado de posición D (inicio de reproducción aumentó desde un dos hasta un 57%. El número de huevos y larvas se incrementó después de los 112 DPFP de 23 huevos y cuatro larvas hasta 286 y 396 respectivamente por cada 100 frutos de café. En esta fecha se observó la mayor capacidad de daño de los estadios inmaduros en el cotiledón. Se encontró un incremento en el número de pupas por cada 100 frutos desde nueve hasta 108 después de los 119 hasta 189 DPFP.

  17. Evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate cultivado y la accesión silvestre PI134418 de Solanum habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin F. Restrepo S.

    2008-01-01

    Full Text Available Se realizó la evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate S. lycopersicum L. cv. maravilla y la accesión silvestre PI134418 de S. habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto N. elegantalis. Se encontró que hay dominancia de los alelos que disminuyen la expresión del caraacute;cter peso promedio de fruto. El método del retrocruzamiento resultó maacute;s eficiente que el de la autofecundación, para contrarrestar la dominancia de los alelos que codifican por el tamaño pequeño del fruto. Los tricomas y el número promedio de frutos por racimo no ejercieron ningún efecto sobre el ataque de los frutos por parte del pasador; mientras que el peso promedio de fruto sí tuvo efecto importante sobre dicho ataque, de tal manera que el insecto tiende a producir mayor daño a medida que se incrementa el peso promedio de fruto. Las poblaciones RC1 y RC2 se comportaron como las típicas segregantes para los caracteres evaluados y exhibieron amplia variabilidad en los mismos. El método del retrocruzamiento fue efectivo para romper la asociación negativa entre el peso promedio de fruto y la resistencia al insecto. El peso promedio de algunos de los frutos en los recombinantes RC2 fluctuó entre 45.1 y 68.6 g y mostraron resistencia al pasador.

  18. EVALUACIÓN DE LA PRESENCIA DE MANCHA SOLAR EN FRUTOS DE TOMATE (Solanum lycopersicum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagmara Plana

    2009-01-01

    Full Text Available El presente trabajo muestra la evaluación de la presencia de mancha solar en frutos de tomate durante dos años de cultivo. Se estudiaron cuatro variedades de tomate (Solanum lycopersicum cultivadas en época óptima de siembra. Los resultados demuestran la incidencia de mancha solar en los frutos de las variedades evaluadas: síntomas de hombro amarillo (YS, desorden del hombro amarillo por debajo de la piel roja del fruto amarillo (YSD y tejido interno blanco (IWT. Solo una variedad presentó alta intensidad y severidad de YS, Severino Corbarese con 80,8 %. YSD fue el síntoma más frecuenteen los dos años estudiados, seguido de IWT. El único factor climático que difirió en los dos años fue la radiación global y las precipitaciones. La incidencia y severidad de este desorden fue genotipo dependiente, pero la interacción con estos factores ambientales pudiera ser el detonante de su aparición. Estos resultados recomiendan la necesidad de realizar estudios genéticos más detallados en el germoplasma caracterizado como susceptible o tolerante, de manera que permitan encontrar una explicación clara de sus causas y desarrollo.

  19. CUAJADO DE FRUTOS Y PARTENOCARPIA EN OLIVO ‘MANZANILLO’ CON POLINIZACIÓN CRUZADA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jos\\u00E9 A. Crist\\u00F3bal Navarro-Ainza

    2013-01-01

    Full Text Available El objetivo de este trabajo fue cuantificar el efecto de diferentes fuentes de polen sobre el cuajado y la producción de frutos partenocárpicos (FP en árboles adultos de olivo Manzanillo mediante polinización cruzada. Durante dos ciclos (2004 y 2005 se evaluaron diferentes fuentes de polen (variedades en ramas de árboles Manzanillo adultos bajo riego superficial; las ramas fueron cubiertas con bolsas de tela y el polen fue aplicado manualmente, cuando dichas ramas tenían entre 50-75% de flores abiertas. El cuajado de frutos se mejoró en ambos años con la aplicación de polen de las variedades Sevillano y Barouni, este último fue superior en el segundo año; los menores valores de cuajado se mostraron en Manzanillo autopolinizado (2004 y con polen de Misión (M (2005. La polinización cruzada aumentó el cuajado de frutos. La cantidad de FP fue de nula a muy baja durante el ciclo 2004, y durante el 2005 esos valores variaron de 5 a 70%. El polen de Sevillano y Barouni redujeron los FP a porcentajes menores del 10%, por el contrario al utilizar polen de Misión se obtuvo 70% de FP.

  20. Start-up of horizontal anaerobic reactors with sludge blanket and fixed bed for wastewater treatment from coffee processing by wet method Partida de reatores anaeróbios horizontais com manta de lodo e de leito fixo para tratamento de águas residuárias do beneficiamento de frutos do cafeeiro por via úmida

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto A. de Oliveira

    2013-04-01

    Full Text Available In this study it was evaluated the start-up procedures of anaerobic treatment system with three horizontal anaerobic reactors (R1, R2 and R3, installed in series, with volume of 1.2 L each. R1 had sludge blanket, and R2 and R3 had half supporter of bamboo and coconut fiber, respectively. As an affluent, it was synthesized wastewater from mechanical pulping of the coffee fruit by wet method, with a mean value of total chemical oxygen demand (CODtotal of 16,003 mg L-1. The hydraulic retention time (HRT in each reactor was 30 h. The volumetric organic loading (VOL applied in R1 varied from 8.9 to 25.0 g of CODtotal (L d-1. The mean removal efficiencies of CODtotal varied from 43 to 97% in the treatment system (R1+R2+R3, stabilizing above 80% after 30 days of operation. The mean content of methane in the biogas were of 70 to 76%, the mean volumetric production was 1.7 L CH4 (L reactor d-1 in the system, and the higher conversions were around at 0.20 L CH4 (g CODremoved-1 in R1 and R2. The mean values of pH in the effluents ranged from 6.8 to 8.3 and the mean values of total volatile acids remained below 200 mg L-1 in the effluent of R3. The concentrations of total phenols of the affluent ranged from 45 to 278 mg L-1, and the mean removal efficiency was of 52%. The start-up of the anaerobic treatment system occurred after 30 days of operation as a result of inoculation with anaerobic sludge with active microbiota.Foram avaliados os procedimentos de partida de sistema de tratamento com três reatores anaeróbios horizontais (R1, R2 e R3, instalados em série, com volume de 1,2 L cada. O R1 com manta de lodo e o R2 e R3 através de suporte de bambu e fibra de coco, respectivamente. Como afluente,foram sintetizadas águas residuárias do despolpamento mecânico dos frutos do cafeeiro por via úmida, com valor médio de demanda química de oxigênio total (DQOtotal de 16.003 mg L-1. O tempo de detenção hidráulica (TDH em cada reator foi de 30 h. As

  1. Nutrição mineral e qualidade do fruto do abacaxizeiro e do maracujazeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesus Aular

    2014-12-01

    Full Text Available Vários fatores influenciam a produtividade e a qualidade dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, dentre os quais se destacam: o clima, o solo e as práticas de adubação e de irrigação. A nutrição mineral é essencial para elevar a produtividade e melhorar a qualidade dos frutos; no entanto, há poucas informações sobre o efeito da adubação nestas duas frutíferas, especialmente sob condições tropicais. O objetivo desta revisão foi compilar e apresentar os principais resultados de pesquisas, nas quais foi avaliada a influência da nutrição mineral sobre a qualidade destas duas frutíferas. Consideraram-se as informações publicadas recentemente em revistas científicas, sendo as mesmas apresentadas para os macronutrientes de forma individual, em seguida para N-P-K e, por último, para os micronutrientes. A revisão da literatura mostrou que é difícil afirmar que algum elemento favorece ou não determinada característica dos frutos do abacaxizeiro e do maracujazeiro, já que os resultados são variáveis ou existe pouca informação. Em função disso, mais do que deixar estabelecidos os efeitos dos elementos minerais sobre a qualidade dos frutos, o que chama a atenção é a necessidade de pesquisar sobre este tema.

  2. Qualidade de frutos de acessos de umbu-cajazeira (Spondias sp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Perla J. S. Gondim

    2013-11-01

    Full Text Available Os frutos da umbu-cajazeira (Spondias sp. são amplamente consumidos frescos ou processados, em decorrência de suas características sensoriais, apresentando-se com boas perspectivas de cultivo e comercialização. No entanto, a avaliação da qualidade pós-colheita de frutos de acessos das suas áreas de ocorrência se faz necessária, no sentido não apenas de identificar materiais com características promissoras de interesse para a indústria ou consumo fresco, mas também para dar suporte aos programas de melhoramento. Neste trabalho foram avaliados frutos colhidos na maturidade comercial (coloração totalmente amarela de oito acessos provenientes do município de Areia, Brejo paraibano, quanto às características físicas e físico-químicas. A massa fresca média dos frutos dos acessos avaliados foi de 28,82 g e o rendimento médio em polpa foi de 68,5%. Com base na análise de componentes principais, o acesso A2 se destacou por apresentar conteúdos superiores de sólidos solúveis (12,9% e açúcares redutores (10,9%, mais baixa acidez titulável (0,94% de ácido cítrico e superior relação SS/AT (13,75, indicando que este acesso pode ser uma alternativa viável, tanto para o mercado de frutas frescas como para o processamento.

  3. Inducción de la biosíntesis local de antocianinas en frutos de Myrciaria dubia mediante lesiones mecánicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Motta-Santillán

    2015-01-01

    Full Text Available En las plantas las antocianinas cumplen roles fundamentales en sus interacciones con el medio ambiente, son una de las líneas de defensa contra los radicales libres, la radiación ultravioleta y el ataque de patógenos. Observaciones realizadas muestran que los frutos de M. dubia acumulan antocianinas alrededor de lesiones mecánicas probablemente causadas por insectos. Por tanto, hemos probado la hipótesis que produciendo lesiones mecánicas en frutos verdes de M. dubia se induce la biosíntesis local de antocianinas. De tres plantas en fructificación de la colección de germoplasma del INIA se seleccionaron aleatoriamente 40 frutos verdes (25 ± 5 mm de Ø y se causaron lesiones mecánicas con estilete o bisturí al 75% de ellos. Posteriormente, se registró el porcentaje de acumulación de antocianinas por área superficial del fruto a las 0, 24, 48 y 72 horas. Se observó acumulación de antocianinas en ~10% (24 horas, ~30% (48 horas y ~70% (72 horas del área superficial de los frutos. En conclusión, las lesiones mecánicas causadas en frutos de M. dubia inducen la biosíntesis local de antocianinas, probablemente como un mecanismo de defensa efectivo desarrollado por esta especie. La comprensión de los mecanismos moleculares implicados en esta respuesta fisiológica nos permitirá establecer las bases para la mejora genética de esta especie.

  4. Inducción de la biosíntesis local de antocianinas en frutos de Myrciaria dubia mediante lesiones mecánicas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Motta Santillán

    2014-12-01

    Full Text Available En las plantas las antocianinas cumplen roles fundamentales en sus interacciones con el medio ambiente, son una de las líneas de defensa contra los radicales libres, la radiación ultravioleta y el ataque de patógenos. Observaciones realizadas muestran que los frutos de M. dubia acumulan antocianinas alrededor de lesiones mecánicas probablemente causadas por insectos. Por tanto, hemos probado la hipótesis que produciendo lesiones mecánicas en frutos verdes de M. dubia se induce la biosíntesis local de antocianinas. De tres plantas en fructificación de la colección de germoplasma del INIA se seleccionaron aleatoriamente 40 frutos verdes (25 ± 5 mm de Ø y se causaron lesiones mecánicas con estilete o bisturí al 75% de ellos. Posteriormente, se registró el porcentaje de acumulación de antocianinas por área superficial del fruto a las 0, 24, 48 y 72 horas. Se observó acumulación de antocianinas en ~10% (24 horas, ~30% (48 horas y ~70% (72 horas del área superficial de los frutos. En conclusión, las lesiones mecánicas causadas en frutos de M. dubia inducen la biosíntesis local de antocianinas, probablemente como un mecanismo de defensa efectivo desarrollado por esta especie. La comprensión de los mecanismos moleculares implicados en esta respuesta fisiológica nos permitirá establecer las bases para la mejora genética de esta especie.

  5. Catálogo ilustrado de frutos y semillas de la región subxerofítica de la Herrera (Mosquera, Cundinamarca, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Plazas Gamba Arcadio

    2004-12-01

    Full Text Available Dentro de los estudios realizados en el campo de la botánica, son muy pocos los enfocados en la morfología de los frutos y las semillas, dando como resultado que actualmente en Colombia, el conocimiento de estas estructuras para especies silvestres sea muy escaso. Por esta razón se
    realizó un estudio que pretendía caracterizar morfológicamente los frutos y las semillas de 50 especies pertenecientes a 46 géneros y 23 familias de dicotiledoneas silvestres encontradas en la región subxerofítica de La Herrera, en el sur occidente de Bogotá. Tanto los frutos y las semillas fueron descritos, se les tomaron fotos y se le realizó una ilustración científica. Para los frutos se utilizaron los criterios en los que agrupa los frutos de la dicotiledonias en diferentes tipos y subtipos. Así se obtuvieron dos grandes categorías, (simples y múltiples, nueve tipos (dos de frutos múltiples y siete de frutos simples y 17 subtipos, siendo el más predominante el tipo Nucoide, debido a la gran cantidad de plantas de la familia Asteraceae colectadas. Con el fin de poder determinar fácilmente una especie con el uso de los caracteres de los frutos y las semillas se elaboraron claves sinópticas y dicotómicas, además cada especie tiene una descripción general, sus nombres comunes, un breve párrafo donde se resaltan los caracteres más conspicuos de los frutos y las semillas y los nombres propuestos por Spjut (1994 y Roth (1977, para los tipos y subtipos de frutos encontrados. En el análisis de los caracteres morfológicos se encontró que para los frutos, la superficie y la presencia de estructuras florales persistentes son los caracteres más importantes en el momento de diferenciar las especies estudiadas, mientras que para las semillas los múltiples caracteres de la cubierta seminal y la presencia de alas o quillas prominentes, son los caracteres más destacados de estas estructuras. Teniendo en cuenta los caracteres morfológicos de los

  6. Determinación de cambios físicos y químicos durante la maduración de frutos de champa (Campomanesia lineatifolia R. & P.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Álvarez-Herrera Javier Giovanni

    2009-08-01

    Full Text Available

    A pesar de su agradable aroma y de poseer una pulpa jugosa, de atractivo sabor dulce acidulado, el fruto de champa es altamente perecedero. Por esta razón, la comercialización se ha limitado al procesamiento del fruto y/o a su venta en zonas de producción, ya que de otra parte, aún no se ha determinado el comportamiento del producto para poder programar su recolección, y plantear alternativas de comercialización. En este contexto, el objetivo del presente trabajo fue conocer la variación de las características fisicoquímicas de los frutos de champa cosechados en cinco estados de madurez, a partir de los cuales se determinaron la masa, el color, la firmeza, el pH, los sólidos solubles totales (SST, la acidez total titulable (ATT, los contenidos de sacarosa, glucosa y fructosa, y la relación de madurez. Para esto se tomaron 5 frutos por cada estado y por cada medición. Se encontró que la pulpa más la corteza constituyen el 60% de la masa fresca del fruto; el 40% restante corresponde a las semillas. La corteza del fruto varía de color verde a amarillo intenso, indicando la madurez de consumo. La firmeza disminuyó de 85 a 9,5 N para frutos maduros. Los SST se incrementan a medida que el fruto madura. La ATT disminuye durante el proceso de maduración. La sacarosa es el azúcar con mayor concentración en la champa, seguido por la fructosa y la glucosa.

  7. Evaluación del principio de rebote para separar objetos duros y frutos verdes del café cereza.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Restrepo Hernández Ildebrando

    2000-06-01

    Full Text Available En el Centro Nacional de Investigaciones de café CENICAFÉ, fue investigado el principio de separación por rebote de los objetos duros (piedras y puntillas y los frutos verdes presentes en el café cereza cosechado (variedades Colombia y Caturra. Utilizando un análisis de superficie de respuesta, se evaluaron tres alturas de caída y tres ángulos de inclinación de la placa de rebote. Fueron determinados los puntos estacionarios y la respuesta máxima en la distancia horizontal alcanzada por los elementos. Con la combinación de 60 cm de altura de caída y una inclinación de 40° de la placa se obtuvo una eficiencia de separación de objetos duros y de frutos verdes de 51,5% y de 9,9% respectivamente.

  8. Aislamiento de antraquinonas y de pigmentos flavonoides en frutos de "yerba del pollo" (Alternanthera pungens H. B .K ., Amaranthaceae)

    OpenAIRE

    López de Ruiz, Rosa Evelia; Fusco, María del Rosario; Sosa, Ángela; Ruiz, Sohar Osvaldo

    1996-01-01

    A partir del extracto alcohólico de los frutos de "yerba del pollo" (Alternunthera pungens H.B.K.), planta de amplia difusión muy usada como digestiva en la medicina popular, se aislaron dos antraquinonas y cuatro pigmentos flavonoides como glicósidos identificados ambos grupos de compuestos mediante técnicas de espectroscopía de UV-Visible y por comparación en cromatografía de capa fina.

  9. EFECTO DE LA RADIACIÓN SOLAR EN LA INTENSIDAD Y SEVERIDAD DE LA MANCHA SOLAR EN FRUTOS DE TOMATE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dagmara Plana

    2008-01-01

    Full Text Available La mancha solar afecta la calidad de los frutos de tomate. La severidad de sus síntomas contrasta con el resto del fruto rojo maduro normal. Sus manifestaciones van de tejido interno blanco (IWT a distintivos sectores amarillos en la región peduncular (YS o en la misma región bajo la piel madura (YSD. El objetivo de este trabajo fue determinar la acción de la radiación solar en su aparición. Se seleccionaron 30 plantas de cuatro variedades, seis por cada tratamiento y el control. Los frutos seleccionados para el tratamiento control no fueron cubiertos (T1. Los cinco tratamientos restantes fueron cubiertos con un filtro cilíndrico. Los filtros aplicados fueron: papel celofán verde como T2, papel celofán rojo como T3, papel celofán azul como T4 y papel de aluminio como T5. Los resultados mostraron una alta incidencia de mancha solar, pues todos los genotipos presentaron síntomas en cada tratamiento. Estos resultados indican una predisposición genética a la mancha solar, pero su intensidad y severidad dependió de la composición espectral de la luz trasmitida a los frutos. Se encontró una interacción significativa entre los genotipos y la calidad de la radiación solar.

  10. UNAPAL –Abanico 75: nuevo cultivar de zapallo con alto contenido de materia seca en el fruto para fines agroindustriales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estrada Salazar Edgar Iván

    2010-09-01

    Full Text Available A partir de tres cruzamientos dialélicos entre poblaciones de zapallo, con diferente grado de endocría (S0 x S0, (S1 x S1 y (S2 x S2, se seleccionaron dos híbridos y dos líneas de zapallo, por su alto contenido de materia seca en fruto y producción por planta. Con los genotipos seleccionados se formaron siete poblaciones híbridas, que se estabilizaron genéticamente mediante cruzamientos fraternales y se evaluaron en diferentes ambientes del Valle del Cauca. Se seleccionó la población 1, que presentó una producción por planta entre 29 - 32 kg; peso promedio del fruto entre 5 -6 kg.; 4 -5 frutos por planta; 24 -26% de materia seca en el fruto; formato globular acostillado de color externo verde intenso y color de pulpa amarillo intenso a naranja (12 a 15 abanico de Roche. Esta población fue registrada en el Instituto Colombiano Agropecuario ICA con el nombre de UNAPAL-Abanico-75.

  11. por Penicillium digitatum: ¿se equivocaba Janzen?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.E. Peris

    2015-01-01

    Full Text Available Janzen (1977 propuso que los vertebrados frugívoros prefieren los frutos sanos frente a los infectados por hongos y bacterias dado que los microbiosproducen compuestos tóxicos y antibióticos y, además, reducen el valor nutritivo de los frutos infectados. Valoramos dicha hipótesis mediante experimentosde campo en los que ofrecimos tres variedades comerciales de frutos del género Citrus sanos e infectados por Penicillium digitatum.Sorprendentemente, los frugívoros (principalmente conejos Oryctolagus cuniculus y roedores como la rata negra Rattus rattus y ratones, probablemente,Mus spretus y Apodemus sylvaticus prefirieron siempre los cítricos infectados a los frutos "control" sanos. En concreto, el consumo de frutosinfectados de las tres variedades estudiadas fue hasta 32 veces mayor en comparación con el consumo de frutos sanos. Proponemos tres hipótesisno excluyentes que podrían explicar la preferencia de los frutos infectados por mamíferos y otros vertebrados frugívoros.

  12. Physico-chemical and chemical quality of acerola fruit clones coated with PVC film and conserved under refrigeration / Qualidade físico-química e química de frutos de clones de aceroleira recobertos com filme de PVC e conservados por refrigeração

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Henrique Machado de Souza

    2009-12-01

    Full Text Available This work aimed to evaluate the physical, physicochemical and chemical changes in fruits of clones of acerola coated with PVC film and conserved under refrigeration. The clones BRS 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor, II 47/1 and BRS 152 (Sertaneja had been harvested in the stage of commercial maturation. The fruits had been washed in chlorinated water, packed in expanded polystyrene trays, covered with film PVC and stored (10ºC during 12 days, with withdrawals of samples at the beginning of the experiment and to each three days. They had been evaluated: coloration, soluble solids, titratable acidity, soluble solids:titratable acidity relation, pH, soluble sugars, vitamin C, anthocyanins, weight lost, firmness and carotenoids. The experiment was carried through in experimental delineation completely randomized in factorial design (clones x time, with 3 repetitions (trays with 100g of fruits. Between the clones studied the II47/1 if it detached for the relative stability of the color, angle hue, and of anthocyanins, being more attractive for the consumer in the time of the purchase. However the clones Roxinha and Sertaneja had presented superior soluble solids:titratable acidity between the others in the end of the experiment, interesting characteristic for the flavor.Este trabalho objetivou avaliar as mudanças físicas, físico-químicas e químicas em frutos de clonesde aceroleira recobertos com filme de PVC e conservados sob refrigeração. Os clones 235 (Apodi, BRS 236 (Cereja, BRS 237 (Roxinha, BRS 238 (Frutacor, II 47/1 e BRS 152 (Sertaneja foram colhidos no estádio de maturação comercial. Os frutos foram lavados em água clorada, embalados em bandejas de poliestireno expandido cobertos com filme PVC e armazenados (10ºC durante 12 dias, com retiradas de amostras no início do experimento e a cada três dias. Foram avaliados: coloração, sólidos solúveis totais, acidez titulável, relação sólidos sol

  13. Fenología reproductiva y productividad de frutos de Euterpe oleracea (Mart.) y Oenocarpus bataua (Mart.) en bosques inundables del Chocó biogeográfico

    OpenAIRE

    Cifuentes Gómez, Lucas

    2010-01-01

    Oenocarpus bataua (Mart.) es una especie de palma frecuente en el Chocó Biogeográfico y, usualmente, conforma rodales homogéneos en bosques estacionalmente inundables. Es considerada promisoria porque sus frutos contienen aceite y proteínas de alta calidad; por ello, el manejo sostenible de estos bosques y la cosecha periódica de sus frutos pueden proveer alimento e ingresos monetarios a las comunidades locales y, así, mejorar su calidad de vida. Se estudió la fenología reproductiva y la prod...

  14. Ensayo de un modo de vibración en contrafase del sistema fruto-pedúnculo para la cosecha selectiva del café

    OpenAIRE

    Benjamín Gaskins Espinosa; Arturo Martínez Rodríguez; Oscar Llanes Guerra; Raúl Gutiérrez

    2008-01-01

    La cosecha mecanizada del café presenta el inconveniente de que, en el momento de la cosecha, las plantas presentan frutos en diferentes estadios de maduración, siendo en extremo difícil lograr un grado aceptable de selectividad. Estudios recientes sobre la cosecha selectiva del café por vibración, realizados mediante la modelación matemática y la simulación con herramientas CAD del sistema fruto-pedúnculo, indican la necesidad de aplicar frecuencias de excitación en el entorno de un...

  15. Influencia del tipo de enmienda orgánica, dosis de riego y acolchado de plástico en un cultivo de tomate para industria : dinámica de nutrientes en el sistema suelo-planta, calidad de fruto y producción

    OpenAIRE

    Barba Corbalán, Eva María

    2016-01-01

    El tomate (Lycopersicon esculentum Mill.) es uno de los frutos más ampliamente consumidos, siendo España el segundo productor de tomate de Europa. La calidad de los tomates viene principalmente determinada por la apariencia, la firmeza, el sabor y el valor nutritivo. Después de la cosecha, la maduración del fruto continua, pudiendo provocar una pérdida de calidad, por esta razón es muy importante determinar el momento óptimo del corte del fruto. La gestión de una agricultura sostenible, im...

  16. Produção de frutos e estolhos do morangueiro em diferentes sistemas de cultivo em ambiente protegido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernandes-Júnior Flavio

    2002-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo comparar a produção de frutos e de estolhos do morangueiro (Fragariaxananassa Duch. cv. Campinas IAC-2712, em função de três sistemas de condução em ambiente protegido (solo, hidropônico-NFT e hidroponia em casca de arroz carbonizada em colunas verticais. O experimento foi realizado no período de junho de 2000 a fevereiro de 2001, na Estação Experimental de Agronomia de Jundiaí (latitude: 23:06'S, longitude: 46:55'W, altitude média: 715 m, clima Cwa, do Instituto Agronômico, seguindo-se o delineamento de parcelas subdivididas com três repetições, em casa de vegetação modelo semi-arco com abertura zenital superior. Nos dois sistemas hidropônicos foram usadas duas composições de soluções nutritivas, respectivamente, para a fase de crescimento vegetativo e para a produção de frutos. Os resultados obtidos permitiram concluir que no sistema vertical, embora as produções de frutos e de estolhos por planta tenham sido menores que nos demais sistemas estudados, há possibilidade de melhor aproveitamento interno do ambiente protegido, com reflexos positivos no aumento do rendimento por área e maior facilidade de manejo da cultura, incluindo as operações de transplante, limpeza das plantas e colheitas de frutos e remoção de estolhos. Essas vantagens também se aplicam ao sistema hidropônico-NFT mesmo não tendo apresentado diferenças de produção em relação ao cultivo convencional.

  17. EFECTO DE LA COLOCACIÓN DE DISPOSITIVOS ELÁSTICOS DE HULE, EN LAS MANOS SUPERIORES DEL RACIMO DE BANANO, SOBRE LA CONFORMACIÓN DE LA MANO, EL RECHAZO DE FRUTOS Y LA RELACIÓN CAJAS-RACIMO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas

    2012-01-01

    rechazo de frutos, en especial aquellos correspondientes a frutos deformes o a lesiones por el roce entre ellos durante su crecimiento en el racimo (cicatriz de crecimiento, no fueron afectados por el uso o no de la BEH en ninguno de los experimentos en donde ello se evaluó. El número de cajas obtenidas a partir de las 5 manos superiores del racimo no permitió definir la superioridad entre el uso o no de la BEH.

  18. Caracterização dos frutos e germinação de sementes dos porta-enxertos trifoliata Flying Dragon e citrumelo Swingle

    OpenAIRE

    Filipe Almendagna Rodrigues; Gustavo de Faria Freitas; Rodrigo Amato Moreira; Moacir Pasqual

    2010-01-01

    Objetivou-se realizar a caracterização fitotécnica dos frutos e avaliar o efeito da remoção do tegumento da semente e do uso do GA3 e do bioestimulante (Stimulate®) sobre a germinação de sementes dos porta-enxertos de citros Flying Dragon e citrumelo Swingle. A caracterização fitotécnica compreendeu a massa do fruto, o diâmetro transversal e longitudinal e a espessura da "casca" e a contagem de sementes viáveis e inviáveis por fruto. Realizou-se um experimento para cada porta-enxerto, em casa...

  19. Fruit quality of ‘Jiro’ japanese persimmon fruits bagged with different types of packings/ Qualidade de frutos de caqui ‘Jiro’ ensacados com diferentes embalagens

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Louise Larissa May de Mio

    2007-10-01

    Full Text Available The bagging technique of fruits comes being used by many producers, aiming at the fruit quality, reduction of application of agro toxics and reduction of the damages caused by insects and diseases. The present work evaluated the quality of bagging fruits of ‘Jiro’ japanese persimmon with different types of bags. The experiment was lead in the orchard of Japanese persimmon of the Experimental Farm of the Canguiri of the UFPR, located in Pinhais-PR. The fertilization and the management of the orchard were entirely organic. The treatments had been: microperforated plastic bag, brown kraft paper bag, butter-like paper bag, newspaper bag and without bagging. The experimental design used was randomized blocks with five replicates, being each plant considered a block. Each parcel was composed by 20 fruits. The bagging was made after the physiological fall of the young fruits, distributing the types of bags aleatorely inside each plant. The evaluation was 77 days after bagging, verifying the number of fruits harvested, mass of the fruits, diameter of the fruits, number of fruits in each category of maturation, number of fruits attacked with Schyzothyrium pomi and soluble solids content. The results were significant only in the incidence of S. pomi and in the percentage of coloration of the fruits. The bagging with newspaper and brown kraft bags reduced the incidence of S. Pomi and the color of fruits. The size and the soluble solids content were not affected by bagging.A técnica de ensacamento de frutos vem sendo utilizadas por muitos produtores, visando a melhor qualidade de frutos, redução de aplicação de agrotóxicos e diminuição dos danos provocados por pragas e doenças. O presente trabalho avaliou a qualidade de frutos de caquizeiro ‘Jiro’ ensacados com diferentes tipos de embalagens. O experimento foi conduzido no pomar de caquizeiro da Fazenda Experimental do Canguiri da UFPR, localizada em Pinhais-PR. A adubação e o manejo do

  20. Características de frutos do meloeiro variando número e posição de frutos na planta Yield and quality of muskmelon varying fruit number and position in the plant, in protected cultivation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Cleiton F de Queiroga

    2009-03-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, em área experimental da Universidade Federal de Viçosa, de 26/09/05 a 24/01/06, onde se objetivou avaliar a produtividade e a qualidade de frutos do meloeiro, variando número e posição de frutos na planta. Os tratamentos constaram de número de frutos por planta (1 e 2 e posição de fixação de frutos na planta (entre 5(0 e 8(0 nós e 15(0 e 18(0 nós. O delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso no esquema fatorial 2 x 2, com 5 repetições. Utilizou-se a 'Coronado F1', variedade reticulatus do grupo Cantaloupe, cultivada em vasos plásticos de 11,5 dm³ preenchidos com fibra de coco comercial. Plantas com um fruto apresentaram maior duração do período de colheita, área foliar (AF (5(0 - 8(0 nó, massa média de frutos (MMF, reticulação da casca (RC, espessura da polpa (EP, comprimento (CF e diâmetro de frutos (DF, sólidos solúveis totais (SST, açúcares solúveis totais (AST, açúcares não redutores (ANR e menor produtividade comercial (PCF. A condução com frutos fixados entre os 15(0 e 18(0 nós, comparado a frutos fixados entre os 5(0 e 8(0 nós, proporcionou maior número de dias para iniciar e terminar a colheita, AF, MMF, PCF, EP, CF e DF (em plantas com 1 fruto, índice de maturação, AST, ANR e menor RC, acidez total titulável e concentração de açúcares redutores.The study was carried out in a greenhouse of the Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais State, Brazil, from 26/09/05 to 24/01/06, to evaluate the yield and quality of the melon fruit, varying the number and position of fruits on the plant. The treatments consisted of fruit number per plant (1 and 2 and fruit position in the plant (5th - 8th node and 15th - 18th node. A randomized block design was used, in a 2 x 2 factorial scheme, with 5 replications. The 'Coronado F1', variety reticulatus of the Cantaloupe group was cultivated in 11.5 dm³ plastic pots with commercial coconut

  1. Preservação dos atributos físicos de frutos de atemoia cv. Gefner com o uso de 1-MCP e atmosfera modificad

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gláucia Michelle Cosme Silva

    2014-12-01

    Full Text Available O interesse comercial pela atemoia vem aumentando cada vez mais no Brasil. O aumento da atividade respiratória, acompanhado por modificações rápidas na composição física dos frutos podem inviabilizar sua distribuição a mercados distantes. Neste contexto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar os atributos físicos em frutos de atemoia tratados com 1-metilciclopropeno (1-MCP e atmosfera modificada associados à refrigeração. O experimento foi instalado em delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4x5, sendo quatro concentrações de 1-MCP (0; 200; 400 e 600 ŋL L-¹ e cinco períodos de avaliação após a colheita, em intervalo de cinco dias, com quatro repetições e quatro frutos por unidade experimental. As atemoias foram colhidas em pomar comercial, no município de Matias Cardoso-MG, no estádio de maturação fisiológica, lavadas, sanitizadas e secas ao ar, depois tratadas com as concentrações de 1-MCP por oito horas, em temperatura ambiente. Logo após, quatro frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido. Alguns permaneceram sem membrana, enquanto outros foram embalados com membrana plástica de PEBD 16µm. As variáveis avaliadas nos frutos foram: perda de biomassa fresca, firmeza, concentração de CO2, etileno e coloração da casca. O uso da atmosfera modificada e do 1-MCP, associados ou não, foi eficiente no atraso do amadurecimento dos frutos, permitindo a conservação de sua qualidade física. Frutos tratados com 1-MCP apresentaram-se mais firmes, além da preservação da coloração, verificada através da luminosidade, cromaticidade e ângulo Hueº, que se mostraram superiores quando comparados aos frutos não tratados.

  2. Desenvolvimento dos frutos nas espécies selvagens de amendoim (Arachis spp. Fruit development in wild species of peanut

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cândida H. T. Mendes Conagin

    1959-01-01

    Full Text Available As espécies selvagens de amendoim apresentam frutos completamente diferentes dos frutos do amendoim cultivado (Arachis hypogaea L.. Nesta espécie os frutos têm duas a cinco sementes justapostas dentro de uma única loja; externamente são observadas constrições na casca do fruto as quais em alguns casos se acentuam não chegando, entretanto, a produzir unia separação entre as sementes. Nas espécies selvagens os frutos apresentam duas sementes apenas, completamente separadas uma da outra por uma constrição muito profunda ou mesmo por um istmo de comprimento variável. Para êsses frutos foi adotada a denominação de "frutos catenados" e o estudo de seu desenvolvimento foi feito nas espécies Arachis monticola Krapovickas et Rigoni e A. villosa Benth. var. correntina Burk. O ovário, unilocular, tem normalmente dois óvulos. A futura separação das duas sementes se origina num tecido intercalar que se forma em ovários ainda jovens e que separa em duas a cavidade inicial única. Êste tecido tem a estrutura de um "peg" e, como êle, desidrata-se durante o processo de amadurecimento do fruto, tomando-se sêco e quebradiço; por essa razão, ao colhêr os frutos, a maioria dêles se apresenta unisseminado. Em 50% dos casos os óvulos se desenvolvem igualmente, conduzindo à formação de frutos com duas sementes. Quando os dois óvulos não se desenvolvem ao mesmo tempo, é mais freqüente o colapso do óvulo apical, cujo crescimento é paralisado cm diversos estados de desenvolvimento; isto conduz à formação de frutos com apenas uma semente ou com uma semente abortada. Além dessas duas, as seguintes espécies apresentam frutos catenados: Arachis Diogoi Hoehne f. typica Hoehne, A. glabrata Benth., A. pusilla Benth., A. marginata Gardn. (segundo Burkart, A. prostrata Benth. (segundo Burkart, e mais três espécies ainda não identificadas, mas que constam da coleção da Seção de Citologia como V. 44, V. 82 e V. 85. A V. 44 deve

  3. Aceites volátiles de hojas y frutos de Pimenta guatemalensis (Myrtaceae de Costa Rica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Chaverri

    2015-03-01

    Full Text Available Pimenta es un género de plantas perteneciente a la familia Myrtaceae que contiene cerca de 15 especies, la mayoría ubicadas en las regiones del Caribe del Continente Americano, donde es utilizado con propósitos culinarios y medicinales. Las especies comerciales mejor conocidas son “pimienta de Jamaica” (P. dioica o P. officinalis y “bay-rum” (P. racemosa y existe muy poca información científica acerca de la especie P. guatemalensis. Cuando las hojas y frutos son triturados, desprenden un aroma de composición desconocida. El objetivo del presente estudio fue identificar la composición química de los aceites esenciales de las hojas y frutos de P. guatemalensis. La extracción de los aceites esenciales de P. guatemalensis, una especie arbórea silvestre en Costa Rica, se efectuó mediante el método de hidrodestilación a presión atmosférica, empleando un aparato de vidrio de tipo Clevenger. Se analizó la composición química de los aceites esenciales mediante cromatografía de gases con detector de ionización de flama (GC/FID y cromatografía de gases acoplada a un detector de masas (GC/MS y, utilizando índices de retención en una columna cromatográfica capilar tipo DB-5. En los aceites de hojas se identificaron 103 y en los de frutos 63 compuestos, correspondiendo a 96.8% y 86.1%, respectivamente, de los constituyentes totales. El aceite de las hojas está constituido principalmente por compuestos de naturaleza fenilpropanoide (72.9% y de hidrocarburos monoterpénicos y sesquiterpénicos (18.2%. Los componentes mayoritarios del aceite de las hojas se identificaron como eugenol (72.8%, β-cariofileno (8.2% y terpinoleno (3.0%. El aceite de los frutos está constituido principalmente por eugenol (74.7%, monoterpenos y sesquiterpenos oxigenados (7.3% principalmente óxido de cariofileno (3.3%. Este es el primer informe acerca de la composición química de aceites esenciales obtenidos a partir de esta especie vegetal.

  4. Caracterização do ataque da broca dos frutos do pequizeiro Characterization of the attack of the pequi fruit borer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sergio Nascimento Lopes

    2003-12-01

    Full Text Available O extrativismo dos frutos de pequizeiro (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae é uma importante opção de renda, alimento e emprego para as populações que vivem nas regiões de Cerrado em todo Brasil. Entretanto, a oferta natural desses frutos encontra-se ameaçada por diversos fatores, entre estes, destaca-se uma séria praga, Carmenta sp. (Lepidoptera: Sesiidae, que os torna impróprios para o consumo. Diante disso, o presente estudo objetivou conhecer algumas características do inseto responsável, bem como a forma de ataque aos frutos de pequizeiro, os danos causados e sintomas característicos. Este trabalho foi realizado através da análise de frutos de pequizeiro coletados aleatoriamente, tanto na planta como no solo, na vegetação do tipo Cerrado nos municípios de Montes Claros, Norte de Minas e Itumirim, Sul de Minas, em Minas Gerais. No primeiro município foram colhidos frutos aproximadamente entre 80-120 dias após a antese (DAA, enquanto no segundo, em duas épocas, 45 e 90 DAA. Em cada município, época e local de coleta (planta ou solo foram coletados 50 frutos para análise. As características avaliadas foram: diâmetro longitudinal e transversal, percentagem de frutos danificados, número de lagartas por fruto e número de crisálidas por fruto. Após a análise dessas características, foram anotados e documentados fotograficamente os estágios de desenvolvimento do inseto quanto ao comprimento, coloração e morfologia, bem como os sintomas do ataque. A partir desse trabalho pode-se concluir que a lepidobroca dos frutos de pequizeiro pode provocar danos à produção superior a 50%, destruindo todo o interior dos frutos que se tornam imprestáveis para o consumo. Os frutos mais atacados são os mais jovens, sendo mais comum encontrar uma só lagarta em seu interior.The extractivism of pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae is an important option of income, food and employment for the populations

  5. PRODUÇÃO DE FRUTOS DE POPULAÇÕES NATURAIS DE PEQUIZEIRO NO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    GISLENE AUXILIADORA FERREIRA

    2015-03-01

    Full Text Available RESUMO O pequizeiro é uma espécie nativa do Cerrado de importância econômica e cultural para o Brasil Central. O cultivo dessa frutífera é uma forma de diminuir a pressão extrativista sobre o ambiente natural, mas ainda há necessidade de técnicas que viabilizem a implantação, condução e colheita dos frutos. O trabalho teve como objetivo caracterizar a influência de caracteres da planta, do ambiente e da entomofauna sobre a produção de pequizeiros de ocorrência natural, em cinco regiões do Estado de Goiás, em três anos. Foram caracterizadas quinze populações de pequizeiros quanto à biometria, à produção e ao ambiente de ocorrência, assim como a organismos associados às plantas. A produção do pequizeiro, em três anos, diferiu significativamente no Estado de Goiás, apresentando média de 132 frutos por planta e produção por área projetada da copa de 1,64 frutos m-2. As três populações mais produtivas apresentam como características comuns o vigor, por estarem localizadas em ambiente aberto e por apresentarem início da copa mais próxima do solo. Há um elevado grupo de organismos que interagem com o pequizeiro, destacando-se os insetos, os fungos e as aves (araras, que podem interferir na produção. Conclui-se que a produção do pequizeiro no Estado de Goiás apresenta grande variabilidade entre safras, plantas e populações, sendo geralmente baixa, porém existem plantas promissoras para futuros programas de melhoramento.

  6. LA RELACIÓN HOJA: FRUTO AFECTA LA PRODUCCIÓN, EL CRECIMIENTO Y LA CALIDAD DEL FRUTO EN DURAZNERO (Prunus persica L. Batsch, cv. ‘Rubidoux’ LEAF TO FRUIT RATIO AFFECTS YIELD, FRUIT GROWTH AND FRUIT QUALITY OF PEACH (Prunus persica L. Batsch, cv. ‘Rubidoux’

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fánor Casierra-Posada

    2007-06-01

    Full Text Available El raleo de frutos es un práctica agrícola común en los árboles de melocotón con miras a una cosecha moderada a abundante. Sin embargo, a pesar de las muchas ventajas del raleo, demostradas a lo largo de años de experiencia en la zona templada, esta práctica es a menudo una de las operaciones conducidas de manera ineficiente en el cultivo del duraznero. Árboles de duraznero (Prunus persica L. Batsch cv. ‘Rubidoux’ se ralearon manualmente con el objeto de mejorar la calidad comercial del fruto. Se evaluaron los cambios en el crecimiento del fruto, los sólidos solubles totales, la relación pulpa: semilla, la producción, la calidad del fruto y el diámetro de la fruta, durante una temporada de crecimiento de los frutos según el efecto de la relación hoja: fruto (10; 20; 30; 40 y 50 hojas por fruto, en Guasca - Cundinamarca - Colombia. El raleo se realizó 85 días después de plena floración. Los árboles del tratamiento control no se ralearon. Se observaron diferencias en las curvas de crecimiento del fruto, en el promedio de fruto cosechado, en el peso fresco de los frutos y en su calidad comercial. El contenido de sólidos solubles totales en los frutos y la relación pulpa:semilla aumentaron con el raleo. Al momento de la cosecha, la producción se redujo en los árboles raleados, pero se mejoró la cantidad del fruto comercial. Los tratamientos con 40 y 50 hojas por fruto tuvieron la mayor proporción de frutos de mejor calidad en comparación con los árboles control.Fruit thinning is a standard practice on peach trees carrying a moderate to heavy crop. However, in spite of the many benefits from thinning demostrated through long years of experience in the temperate zone, fruit thinning is too often one of the most unefficiently conducted operations in peach growing. With a view to improve marketable yield and fruit quality, trees of peach (Prunus persica L. Batsch cv. ‘Rubidoux’ were subjected to hand thinning. Changes

  7. Influencia de la maduración del fruto de Arbutus xalapensis Kunth sobre la germinación de semillas y embriones cigóticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Violeta Tovar-Rocha

    2015-07-01

    Full Text Available En este trabajo se determinó el efecto del estado de maduración del fruto en la germinación in vitro de semillas y embriones cigóticos deArbutus xalapensisKunt. Se colectaron frutos de 10 árboles en cada uno de los dos sitios de estudio y se clasifi caron según su tamaño y peso dentro de tres grupos caracterizados por el color del fruto: 1 a 6 frutos verde oscuro (FVO, 7 y 8 frutos verde-amarillo (FVA, y 9 y 10 frutos naranja-rojizo (FNR. De cada estado se seleccionaron 50 semillas y se colocaron en medio MS para evaluar su germinación. El experimento se repitió dos veces y los resultados obtenidos fueron sometidos a un análisis de comparación de medias de Tukey el cual indicó que los tres grupos de frutos presentan características de peso fresco y diámetro diferentes (P = 0.05, con un promedio de 6.3 g y de 0.21 mm para FVO, 9.5 g y 0.46 mm para FVA y 10.8 g y 0.70 mm para FNR. El análisis de microscopía estereoscópica demostró que todos los estados de maduración presentan semillas y embriones; los estados 1 al 4 presentan embriones no desarrollados, y en los estados 5 al 10 los frutos contienen un mayor número de semillas con embriones desarrollados y con una mayor germinación (7.6 a 8.8 semillas/unidad experimental. Se propone el uso de semillas provenientes de frutos de los estados de maduración 5 al 10 para la germinación adecuada de semillas de madroño, mientras que para los embriones cigóticos es necesario realizar estudios de prueba de medios de cultivo para su germinación.

  8. Efeito da "mancha-chocolate" nas características físico-químicas e químicas de frutos de abacaxizeiro-'Pérola'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BOTREL NEIDE

    2002-01-01

    Full Text Available A "mancha-chocolate" constitui-se de um novo problema surgido na cultura do abacaxi, cuja causa não foi ainda determinada. Caracteriza-se pelo escurecimento da polpa, tornando o fruto impróprio para a comercialização. A proposta desse trabalho foi caracterizar as transformações físico-químicas e químicas que ocorrem em um fruto afetado pela "mancha-chocolate" a fim de subsidiar futuras pesquisas. Estudaram-se frutos da cultivar Pérola, provenientes de Miranorte'- Tocantins, em quatro estádios de maturação (estádio 1- verde; estádios 2 e 3 -- intermediários; e o estádio 4- maduro. Todos os frutos foram cortados no sentido vertical, sendo posteriormente efetuada uma avaliação visual das lesões decorrentes da "mancha-chocolate", separando-se frutos afetados e aparentemente sadios. Os frutos afetados foram separados em três categorias: frutos com manchas fracas (MF, frutos com manchas moderadas (MM e frutos com manchas intensas (MI . Foram feitas as seguintes avaliações: teores de compostos fenólicos, polifenoloxidase, peroxidase, vitamina C, acidez titulável, sólidos solúveis, pH, açúcares totais, redutores e não redutores. Verificou-se que os sintomas da "mancha-chocolate" se intensificaram nos frutos mais maduros e caracterizavam-se por apresentar um aumento acentuado no teor de compostos fenólicos e maiores atividades para as enzimas polifenoloxidase e peroxidase, o que conferiu ao problema um distúrbio de natureza fisiológica. Menores teores de vitamina C e de açúcares totais também foram observados nos frutos com manchas severas, quando comparados aos frutos com manchas fracas e os aparentemente sadios.

  9. Métodos de destruição de restos de cultura do algodoeiro e sobrevivência do bicudo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edenilson Batista Ribeiro

    2015-11-01

    Full Text Available Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de métodos de destruição dos restos de cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum para a redução da população remanescente do bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis. O experimento foi conduzido em blocos ao acaso, com quatro repetições e cinco tratamentos: roçagem, com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina; roçagem, com aplicação de 2,4-D e glifosato; roçagem e gradagem; roçagem, com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina, além de gradagem; e testemunha (sem destruição. A quantidade de bicudos foi determinada após a destruição dos restos de cultura do algodão, por contagem dos insetos capturados nas armadilhas de feromônio e daqueles encontrados dentro dos carimãs, no interior das gaiolas e na área externa. O número médio de bicudos adultos, capturados nas armadilhas de feromônio no interior das gaiolas, variou de 0,71 a 1,35 indivíduos. O maior número de carimãs e de bicudos dos carimãs, dentro e fora das gaiolas, foi observado na testemunha. Já o menor número de insetos foi observado nos tratamentos com gradagem e roçagem e naqueles com roçagem e gradagem com aplicação de 2,4-D e beta-ciflutrina, que são eficientes na redução de carimãs e de adultos do bicudo. Todos os métodos avaliados reduzem a quantidade de bicudos vivos no interior de carimãs.

  10. Técnica e custo para o ensacamento de frutos de pêra japonesa Technique and bagging cost of nashi fruit pears

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Dagoberto Faoro

    2003-08-01

    Full Text Available A técnica de ensacamento da pêra japonesa, além de evitar a poluição ambiental causada por defensivos agrícolas, ainda proporciona melhoria na qualidade organoléptica dos frutos, reduzindo os danos provocados por mosca-das-frutas e grafolita. No presente trabalho, utilizaram-se as cultivares Hosui e Nijisseiki, cujos frutos foram ensacados logo após o raleio para evitar-se o desenvolvimento do "russeting" e o contato com insetos. Para a 'Housui', foi necessário um só ensacamento, ao custo de R$ 4.075,00/ha, considerando 110.000 frutos/ha. Já para a 'Nijisseiki', são necessários dois ensacamentos, resultando um custo de R$ 4.118,00/ha, considerando-se 73.370 frutos/ha. O custo aproximado do ensacamento em 'Housui' foi de R$ 0,04/fruto e em 'Nijisseiki', R$ 0,06/fruto. Mesmo sendo maior o custo do ensacamento para a 'Nijisseiki', esta cultivar obteve preços comerciais inferiores ao da 'Housui' no mercado brasileiro. O aumento do custo de produção devido ao ensacamento é passível de ser assimilado pelo produtor, desde que obtenha frutos de maior qualidade para, assim, vender os frutos ensacados com preços superiores.The bagging technique of Nashi pears not only insures good environmental effects by avoiding inseticide use, but also improves the flavor of fruits by decreasing the damages caused by fruit-fly and oriental fruit moth. This study was carried out with the cultivars Housui and Nijisseiki. The fruits were bagged just after thinning in order to avoid the development of russeting and to protect them against insects attack. For cv. Housui a single bag was enough. The total cost of bagging was R$ 4,075.00/ha, considering 110.000 fruits/ha. For cv. Nijisseiki it was necessary to use a double bagging, with a total cost of R$ 4,188.00/ha to protect 73.370 fruits/ha. The estimated bagging cost per fruit was R$ 0.04 for cv. Housui and R$ 0.06 for cv. Nijisseiki. Not only the bagging cost of 'Nijisseiki' fruits was higher compared

  11. Caracterización preliminar de frutos de granada china (Passiflora ligularis Juss. en Hueyapan y Teziutlán, Puebla

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Omar Franco Mora

    2008-01-01

    Full Text Available En la Sierra Nororiental de Puebla, México, los frutos de granada china son muy apreciados por la población local, pero existen pocos datos sobre su calidad hortofrutícola. Con el fin de iniciar la selección de individuos productores de frutos de buena calidad, se tomaron como muestra diez frutos de 20 plantas, cinco de cada localidad, Talzinta, Nexpan, Tanamacoyan y Mexcalcuautla, para analizarlos física (peso, diámetro, color, porcentaje de los componentes del fruto y bioquímicamente (sólidos solubles totales, pH, acidez titulable, densidad del jugo. El valor medio para peso de frutos varió de 85 a 57 g; el porcentaje de pulpa de 81 a 51%; y el contenido de sólidos solubles totales (SST fue de 17.5 a 12.2 ºB. El análisis de conglomerados, a una distancia euclidiana de 12.6, formó cinco grupos; en los grupos 2, 3 y 4 se observaron frutos de mayor tamaño (+ 75 g, con altos porcentajes de pulpa (60% y valores aceptables de SST (14 ºB; éstos fueron los colectados en Talzinta y Nexpan. El análisis de componentes principales (CP indicó que los primeros cinco CP explicaron el 75% de la variabilidad observada; siendo 25 y 18% la variabilidad que explican los CP 1 y CP 2, respectivamente. CP 1 estuvo altamente influenciado por el diámetro polar (0.900, luminosidad (–0.767 y el peso fresco del fruto (0.750; el CP 2 se relacionó con porcentaje de pulpa (0.866, porcentaje de cáscara (–0.866 y porcentaje de semillas (0.857. Esta información permitirá iniciar la selección de individuos productores de fruto de buena calidad, en la región de Teziutlán, Puebla

  12. Caracterização físico-química de frutos de genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inês Sucupira Maciel

    2010-12-01

    Full Text Available No Brasil, a aceroleira, decorrente principalmente da propagação por sementes, tem dado origem a plantios comerciais cujos frutos apresentam parâmetros de qualidade diferenciados. Características físico-químicas de frutos de 18 genótipos de aceroleira (Malpighia emarginata DC. do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE foram avaliados. O rendimento em polpa variou de 41,06% (PL 40 a 72,54% (PL 43 e, com exceção do genótipo PL 37, os demais apresentaram frutos com teores de ácido ascórbico superiores a 1000 mg.100 g-1. O genótipo PL 39 destacou-se por apresentar o maior teor de ácido ascórbico (1667 mg.100 g-1, SST e flavonóis (15,04 mg.100 g-1, além de elevado teor de antocianinas, sendo, portanto, o mais promissor. Os frutos do genótipo PL 34 revelaram o maior valor de SST/ATT, indicando ser o mais doce

  13. Frutos y semillas medicinales vendidas en plazas de mercado de Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valderrama-Rincón Natalia María

    2006-06-01

    Full Text Available El uso de plantas medicinales en Bogotá, Colombia, cada vez es mayor con el incremento de la población que
    en gran medida confía en sus beneficios y bondades. Este mercado es el principal centro de consumo y producción
    del país, exporta al exterior de la ciudad y a otros países. Sin embargo, se ha identificado que el veraz conocimiento de las plantas medicinales y sus efectos por parte de los vendedores es trascendental con el fin de proteger la salud de los usuarios y evitar que por desinformación algunas plantas puedan atentar contra la vida. El Grupo de Plantas Medicinales de Bogotá liderado por el Profesor Édgar Linares del Instituto de Ciencias Naturales y perteneciente a la Universidad Nacional de Colombia, intenta ayudar a aclarar este desorden de salud pública que principalmente tiene origen en las plazas de mercado. La problemática que gira en torno a este grupo de plantas radica en que no hay certeza sobre los usos asignados, es así como el Instituto
    Nacional de Vigilancia de Medicamentos y Alimentos (INVIMA certifica pocas plantas con usos medicinales
    en contraste con la diversidad registrada en las plazas de mercado. Los vendedores de plantas medicinales de las plazas de mercado son los encargados de formular el uso de estas plantas para las dolencias de la comunidad dado su extenso conocimiento adquirido por medio de la experiencia o por legado familiar; adicionalmente, la mayoría de las plantas nativas de uso medicinal no tienen estudios científicos que comprueben su eficiencia y seguridad. Uno de los primeros productos del grupo de Plantas Medicinales de Bogotá es el presente trabajo. Al igual que muchas de las plantas medicinales, no hay antecedentes claros de cuáles frutos y semillas medicinales se venden en los puestos de hierbas de las plazas de mercado de Bogotá, tampoco se conoce su procedencia y uso asignado, es decir que, los usos de estas fracciones están a merced de los vendedores

  14. Caracterização morfológica de frutos e sementes e desenvolvimento pós-seminal de Tamarindus indica L. - Leguminosae: caesalpinioideae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Marie Macedo Sousa

    2010-12-01

    Full Text Available O tamarindeiro (Tamarindus indica L. pertence à família Leguminosae e é uma árvore frutífera, nativa da África tropical, de onde se dispersou por todas as regiões tropicais do mundo. A caracterização morfológica de frutos e sementes é importante para identificação das espécies, bem como serve de base para estudos que visem a maiores conhecimentos ligados à germinação e vigor. Este trabalho teve por objetivo descrever a morfologia de frutos, sementes e plântulas, bem como caracterizar o processo germinativo de Tamarindus indica L. Para o estudo do fruto, foram observados tipo, cor, dimensões, textura e consistência do pericarpo e deiscência e número de sementes por fruto. Os aspectos observados nas sementes foram: cor, dimensões, textura e consistência dos tegumentos; e forma, borda, posição do hilo e de outras estruturas presentes e características do embrião. O estádio de plântula foi considerado quando os protófilos já estavam totalmente formados. Os elementos vegetativos descritos e ilustrados foram radícula, coleto, hipocótilo, cotilédones, epicótilo, protófilos e caule. O fruto de Tamarindus indica é um legume indeiscente medindo aproximadamente 7,3 a 9,2 cm e contendo de 1 a 11 sementes. O eixo embrionário encontra-se inserido nos cotilédones, sendo axial e invaginado. A germinação da semente é do tipo epígea. A plântula apresenta protófilos compostos de seis a nove pares de folíolos pequenos opostos e glabros.

  15. Beneficios para la salud de los frutos de Opuntia spp.

    OpenAIRE

    Obón De Castro, José María; Castellar Rodríguez, María Rosario Lourdes; Díaz García, Miriam Cristina; Lozano Berna, Miguel

    2010-01-01

    El género Opuntia spp. ofrece una gran variedad de frutos con un gran potencial en componentes bioactivos. Son muchos los beneficios para la salud que se han descrito en la medicina tradicional: tratamiento de la diabetes, reducción de los niveles de colesterol y la presión arterial,tratamiento de úlceras y quemaduras, ami-inflamatorio y mejora de dolores reumáticos, tratamiento del dolor y asma. Los principales componentes bioactivos de los frutos son betala[nas, carofenoides, polifeno...

  16. Fenólicos totais e capacidade antioxidante in vitro de polpas de frutos tropicais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luanne Morais Vieira

    2011-09-01

    Full Text Available O consumo de frutos e suas polpas tem sido muito recomendado por seu valor nutricional, alto teor de fibras, vitamina C e carotenoides. Trabalhos recentes têm apontado esses alimentos como fontes de compostos fenólicos com ação antioxidante, portanto sequestradores de radicais livres, com ação protetora contra o surgimento e/ou desenvolvimento de processos degenerativos que conduzem a doenças crônicas não transmissíveis. Devido à crescente comercialização e consumo de polpas de frutas no Brasil, especialmente na cidade de Teresina-Piauí, este trabalho selecionou um grupo de polpas de frutos de elevado consumo local para avaliação do teor de fenólicos totais e da atividade antioxidante in vitro pelo método de captura de radicais livres: DPPH (radical 1,1-diphenil-2-picrilhydrazil e ABTS (radical 2,2'azinobis(3-ethylbenzthiazoline-6-sulfonic acid. Os frutos selecionados foram: Acerola (Malpighia emarginata DC., Bacuri (Platonia insignis Mart., Cajá (Spondias mombin L., Caju (Anacardium occidentale, Goiaba(Psidium guajava e Tamarindo (Tamarindus indica L.. Os teores de fenólicos totais encontrados nas polpascongeladas destes frutos exibiram quantidades relevantes de polifenóis, destacando-se a polpa de acerola com 835,25 ± 32,44 e 449,63 ± 10,24 mg /100g nos extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente, seguido pela polpa de caju com 201,61 ± 19,15 e 165,07 ± 4,10 mg /100g. As polpas de bacuri e tamarindo foram as que apresentaram os menores teores de fenólicos totais. Com relação à atividade antioxidante in vitro, os melhores resultados foram encontrados para os extratos aquosos e hidroalcoólicos das polpas de acerola, caju e goiaba. A capacidade antioxidante destas polpas (EC50 em µg/mL variou de 24,42 a 413,36 e de 1,74 a 259,18 para os extratos aquosos e hidroalcoólicos, respectivamente. Utilizando o radical ABTS, a atividade antioxidante para essas mesmas polpas de frutas apresentou valores TEAC que

  17. Características florais e polinizadores na qualidade de frutos de cultivares de maracujazeiro-azedo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Simone Santos de Oliveira Cobra

    2015-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar as características florais de oito cultivares de maracujazeiro-azedo e identificar seus polinizadores, bem como avaliar a influência da polinização natural na qualidade dos frutos, na região de Tangará da Serra, MT. Utilizou-se o delineamento inteiramente casualizado, com dez repetições e uma flor por parcela para avaliar a morfometria, e com quatro repetições e cinco flores por cultivar para determinar o índice de frutificação. Avaliaram-se os seguintes parâmetros: morfologia e morfometria floral, longevidade floral, frequência de visitantes florais, índice de frutificação natural e qualidade de fruto. A morfologia e a morfometria das flores foram compatíveis com a polinização por abelhas de grande porte; também foram compatíveis com a polinização por abelhas de médio porte nas cultivares IAC-275-Maravilha, IAC-277-Jóia, BRS SC1, BRS RC e BRS GA1. A maior longevidade floral foi observada nas cultivares IAC-277-Jóia, BRS GA1, BRS RC e BRS OV1. A frequência de abelhas como Xylocopa (2,0% e Bombus (3,9% foi baixa, e 'BRS GA1' recebeu o maior número de visitas destas abelhas. O índice de frutificação natural foi baixo (36,67%. Os frutos de polinização natural apresentam características físicas compatíveis com as exigidas pelo mercado consumidor.

  18. ATRIBUTOS FÍSICO-QUÍMICOS E ACEITABILIDADE DOS FRUTOS DE FIGUEIRAS CULTIVADAS NA ESPANHA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Euzébio de Souza

    2014-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi analisar as características físico-químicas e sensoriais dos frutos de quatro variedades de figueira (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro e Tiberio cultivadas no sudeste da Espanha. Para este estudo foram utilizados figos oriundos de uma área experimental da Escola Politécnica Superior de Orihuela da Universidade Miguel Hernández de Elche/Espanha. Os frutos foram avaliados no Laboratório de Pós-Colheita da Universidade Politécnica de Cartagena/Espanha. Foram mensuradas características como firmeza, pH, sólidos solúveis, açúcares, polifenóis totais, capacidade antioxidante e a análise sensorial dos frutos de quatro variedades de figueiras. Foram considerados 4 tratamentos (variedades e 3 repetições por tratamento, para cada repetição foram utilizados 5 frutos. Os frutos da variedade Tiberio mostraram menor firmeza e baixa qualidade sensorial, indicando menor aceitabilidade. As variedades Colar e Cuello de Dama Negro apresentaram frutos com maiores teores de polifenóis totais e capacidade antioxidante. Palavras-chave: Ficus carica L, qualidade, análise sensorial.   PHYSICO-CHEMICAL ATTRIBUTES AND ACCEPTABILITY OF FIG FRUITS CULTIVATED IN SPAIN ABSTRACT The aim of this study was to analyze the morphological, physicochemical and sensory characteristics of four fig fruits varieties grown in southeast Spain. For this study were used fig fruits coming from the experimental area of Orihuela Polytechnic School, University Miguel Hernández of Elche/Spain. After harvesting the fruits were brought to the Postharvest laboratory of Cartagena Polytechnic University/ Spain, where the weight characterization, longitudinal and equatorial diameter, ostiole diameter (morphological, consistency, pH,  soluble solids,  sugars, total polyphenols and antioxidant capacity (physico-chemical , , was performed, and sensory analysis of four fig fruits varieties (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro and Tiberio

  19. Caracterização de frutos do tangor TMxLP 290 para mercado de fruta fresca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Camilla de Andrade Pacheco

    2014-12-01

    Full Text Available Desde 1997, o Centro APTA Citros Sylvio Moreira/IAC conduz um amplo programa de melhoramento genético de citros via cruzamentos dirigidos. Destes cruzamentos, alguns híbridos de tangerina com laranja vêm sendo selecionados para qualidade de fruta e potenciais novas variedades. Com isso, frutos de um híbrido entre tangor Murcott (TM e laranja Pera (LP, denominado TMxLP 290, foram submetidos a análises físico-químicas e teste sensorial de aceitabilidade, a fim de avaliar a aceitação de tal variedade pelo mercado consumidor. Foram analisados os parâmetros físico-químicos: sólidos solúveis, acidez total titulável, ratio, rendimento de suco, índice de cor, número de sementes e massa do fruto. Aliado a essas análises, realizou-se o teste sensorial de aceitação com 50 provadores não treinados, que avaliaram a aceitabilidade do fruto e do suco do híbrido TMxLP 290, com o auxílio de uma escala hedônica de nove pontos. As amostras de suco e de fruto foram servidas em copos e pratos descartáveis, respectivamente, à temperatura ambiente e na presença de água potável para lavar o palato entre a degustação de uma amostra e outra. Tais avaliações permitiram constatar que as amostras processadas (suco e in natura (fruto apresentaram 84% e 81% de aprovação, respectivamente, evidenciando boa aceitação pelos provadores. Contudo, a intenção de compra por parte do consumidor foi excelente, sendo que 70% dos provadores comprariam o suco e 88% comprariam o fruto. Dessa forma, conclui-se que o híbrido TMxLP 290 é um produto com potencial para atender às expectativas do mercado consumidor.

  20. Caracterização biométrica, física e química de frutos da palmeira bocaiuva Acrocomia aculeata (Jacq Lodd

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eliana Janet Sanjinez-Argandoña

    2011-09-01

    Full Text Available Frutos de palmeira bocaiuva (Acrocomia aculeata (Jacq. Lodd., coletados em Dourados (MS e Presidente Epitácio (SP, foram analisados quanto ao aspecto biométrico, a composição química e as características físicas, visando a avaliar seu potencial alimentício. Os frutos de bocaiuva das regiões de procedência não apresentaram diferenças significativas entre si nas características biométricas. O rendimento médio da polpa foi de 42% em relação ao fruto inteiro, sendo superior ao encontrado na literatura para outros frutos de palmeiras. As determinações físicas e químicas da polpa dos frutos das regiões de Mato Grosso do Sul e São Paulo caracterizam a polpa como sendo pouco ácida (pH 5,70 a 6,29. As amostras de Dourados - MS, foram consideradas mais doces (14,53% de açúcares redutores totais e com maior teor de vitamina C (34,57 mg.100 g-1 em relação às amostras de Presidente Epitácio-SP (11,46 mg.100 g-1. Porém, a intensidade da cor amarelo-laranja foi maior na polpa dos frutos de Presidente Epitácio (SP, sugerindo maior conteúdo de carotenoides.

  1. FITOQUÍMICOS BIOATIVOS EM FRUTOS DE GENÓTIPOS DE CAJÁ-UMBUZEIRAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldenise Chagas Curvêlo Gonçalves MOREIRA

    2012-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de quantificar os fitoquímicos bioativos em cajá-umbu foram utilizadas polpas de frutos de 4 genótipos (G 2.2, G 2.3, G 3.1 e G 3.2 procedentes do Banco de Germoplasma do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA. Os teores de fenólicos, flavonoides e flavonóis totais e taninos condensados foram quantificados por método espectrofotométrico, de ácido ascórbico por método titulométrico e de carotenoides por método cromatográfico e espectrofotométrico. Os genótipos apresentaram teores de fenólicos totais de 110,61 a 188,86mg equivalente em ácido gálico 100g-1, flavonoides de 1,95 a 2,37mg em equivalente de catequina 100g-1, flavonóis de 2,59 a 2,80mg em equivalente de quercetina 100g-1 e taninos condensados de 42,77 a 48,24mg em equivalente de catequina 100g-1. Os frutos apresentaram baixos teores de ácido ascórbico (6,1 a 7,3mg 100g-1 e de carotenoides (6,67 a 11,44μg g-1. O β-caroteno-5,6-5’6’-diepóxido foi o componente majoritário dos genótipos G 2.2, G 2.3 e G 3.1, enquanto que a luteína-5,6 epóxido foi encontrada em maior quantidade no G 3.2. Assim, embora os frutos dos genótipos tenham exibido variações nos teores dos fitoquí- micos bioativos, apresentam em sua constituição quantidades relevantes destes compostos, podendo contribuir com o aporte de antioxidante dietético.

  2. Controle de Cerconota anonella (Sepp. (Lep.: Oecophoridae e de Bephratelloides pomorum (Fab. (Hym.: Eurytomidae em frutos de pinha (Annona squamosa L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Letice Souza da Silva

    2014-01-01

    Full Text Available A pinha, Annona squamosa L., é uma frutífera tropical da família anonácea, cujo mercado tem-se ampliado a cada ano, sendo cultivada expressivamente na região Nordeste, onde pequenos produtores a têm como principal fonte de renda. Entretanto, problemas causados pelas duas pragas-chave, Cerconota anonella (Sepp.,1830 (Lepidoptera: Oecophoridae e Bephratelloides pomorum (Fab.,1808 (Hymenoptera: Eurytomidae, têm limitado a produção e, consequentemente, a comercialização dos frutos. No intuito de minimizar essas perdas, um experimento de campo foi realizado em Maceió, Estado de Alagoas, Brasil, para avaliar diferentes formas de controle para estas pragas. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados, com oito tratamentos e quatro repetições. Cada repetição correspondeu a quatro frutos, totalizando dezesseis frutos por tratamento. Os tratamentos foram: frutos sem proteção (testemunha; saco de papel branco impermeável aberto; saco plástico microperfurado; saco de TNT (tecido não tecido branco aberto; saco de TNT vermelho aberto; gaiola de arame revestida com tecido voile; inseticida Profenofós (12g/L-1 + Cipermetrina (1,2 g/L-1 e caulim (10 g/ 100 mL-1. Foram avaliadas as seguintes variáveis nos frutos: números de orifícios causados pelas pragas, peso, comprimento, diâmetro, percentagem de frutos colhidos e o custo do tratamento por unidade. Os melhores resultados foram obtidos com o saco de TNT vermelho aberto, obtendo-se 87,50% de frutos comercializáveis. O saco plástico microperfurado teve o menor custo, porém sua fragilidade impede a reutilização nas safras seguintes. Assim, indica-se o saco de TNT vermelho aberto como o mais econômico e eficiente.

  3. Compostos fenólicos e capacidade antioxidante em frutos de tomateiros mutantes fotomorfogenéticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Dias

    2015-05-01

    Full Text Available Compostos fenólicos e capacidade antioxidante são mecanismos de defesa das plantas aos danos do estresse oxidativo. Os compostos fenólicos são sintetizados pela via dos fenilpropanoides, cuja enzima chave, fenilalanina amônia liase, é influenciada pela luz e ação de fotorreceptores, como o fitocromo. O objetivo do presente trabalho é avaliar a concentração de compostos fenólicos e a capacidade antioxidante de frutos de microtomateiro selvagem, cultivar "Micro-Tom" (MT, e seus mutantes fotomorfogenéticos high pigment 1 (hp1, super-responsivo a eventos mediados por luz e aurea (au, deficiente quantitativo em fitocromos. Vinte frutos maduros de cada genótipo (MT, hp1 e au foram utilizados para as análises, realizadas em triplicata. Para quantificação dos compostos fenólicos totais, foi utilizado o método de Folin-Ciocalteu e a capacidade antioxidante foi realizada pelos métodos Ferric Reducing Antioxidant Power (FRAP e 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH. Os frutos do mutante hp1 apresentaram maiores conteúdos de compostos fenólicos totais e também maior capacidade antioxidante em relação à cultivar selvagem ("MT" e ao mutante au, o qual não diferiu significativamente da cultivar "MT".

  4. Frutos tropicales como fuente de carotenoides: biosíntesis, composición, biodisponibilidad y efectos del procesamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Chacón Ordóñez

    2013-06-01

    Full Text Available Los carotenoides son compuestos sintetizados a partir del isopentenil difosfato y pueden ser encontrados en una gran diversidad de frutos. Estos pigmentos han sido de interés por sus beneficios en la salud y sus aplicaciones en la industria alimentaria. Existen muchos factores que pueden afectar su concentración y biodisponibilidad para el ser humano; entre ellas las condiciones de cultivo, el manejo poscosecha y el procesamiento que se les dé a los frutos antes de ser consumidos. Esta revisión se enfoca en los conocimientos actuales sobre aspectos relevantes de los carotenoides en diferentes frutos tropicales como la acerola (Malpighia sp., camu-camu (Myrciaria dubia, mango (Mangifera indica, naranjilla (Solanum quitoense, papaya (Carica papaya, pitanga (Eugenia uniflora, pejibaye (Bactris gasipaes H.B.K., ora-pro-nobis (Pereskia aculeata y zapote mamey (Pouteria sapota, para presentar el estado del conocimiento y recomendar aspectos importantes para futuras investigaciones en este campo.

  5. Frutos tropicales como fuente de carotenoides: biosíntesis, composición, biodisponibilidad y efectos del procesamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tania Chacón Ordóñez

    2013-01-01

    Full Text Available Los carotenoides son compuestos sintetizados a partir del isopentenil difosfato y pueden ser encontrados en una gran diversidad de frutos. Estos pigmentos han sido de interés por sus beneficios en la salud y sus aplicaciones en la industria alimentaria. Existen muchos factores que pueden afectar su concentración y biodisponibilidad para el ser humano; entre ellas las condiciones de cultivo, el manejo poscosecha y el procesamiento que se les dé a los frutos antes de ser consumidos. Esta revisión se enfoca en los conocimientos actuales sobre aspectos relevantes de los carotenoides en diferentes frutos tropicales como la acerola (Malpighia sp., camu-camu (Myrciaria dubia, mango (Mangifera indica, naranjilla (Solanum quitoense, papaya (Carica papaya, pitanga (Eugenia uniflora, pejibaye (Bactris gasipaes H.B.K., ora-pro-nobis (Pereskia aculeata y zapote mamey (Pouteria sapota, para presentar el estado del conocimiento y recomendar aspectos importantes para futuras investigaciones en este campo.

  6. Fenologia, produção e qualidade de frutos de mirtilo Phenology, production and quality of blueberry cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo Corrêa Antunes

    2008-08-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento fenológico, a produtividade e a qualidade de oito cultivares de mirtilo do grupo rabbiteye (Bluegem, Bluebelle, Powderblue, Florida, Delite, Briteblue, Climax e Woodard, na região de Pelotas, RS. O trabalho foi realizado durante os ciclos produtivos de 2003/2004, 2004/2005 e 2005/2006. As plantas foram dispostas no pomar em blocos varietais aleatórios, com 16 plantas por cultivar, no total de quatro linhas, com duas cultivares por linha. Para a análise das características dos frutos, a média de cada ano de avaliação foi considerada como uma repetição. Foram observadas as datas de início e fim da floração, início e final de colheita, massa, diâmetro longitudinal dos frutos, número de frutos por planta, teor de sólidos solúveis totais, produção média por planta e produtividade estimada por hectare. Não houve diferença entre as cultivares avaliadas quanto às características massa, diâmetro médio de frutos e teores de sólidos solúveis totais. Na região de Pelotas, há viabilidade técnica para o cultivo de mirtilo, cujas cultivares Bluebelle, Briteblue e Bluegem são as mais produtivas.The aim of this work was to evaluate the yield and quality of blueberry cultivars from the rabbiteye group (Bluegem, Bluebelle, Powderblue, Florida, Delite, Briteblue, Climax and Woodard, in Pelotas County, Southern of Rio Grande do Sul State, Brazil, during three growing seasons: 2003/2004, 2004/2005 and 2005/2006. The plants were set in randomized varietal blocks in the orchard, with 16 plants per cultivar, totaling four lines, with two cultivars per line. For statistic analysis of the fruits characteristics, each year of evaluation was considered as one repetition. The characteristics evaluated were the start and the end of flowering, beginning and end of harvest, mass, longitudinal diameter of fruits, number of fruit per plant, content of total soluble solids, average production by

  7. COMUNICACIONES CORTAS TERPENOS ISLADOS DE LOS FRUTOS DE CLUSIA ssp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jaime González

    2010-10-01

    Full Text Available Se aislaron triterpenos de los frutos de tres especies de Clusia (familia Guttiferae. En C.multlflora y C. grandiflora se encontraron eufenol, epímero en C-20 del tirucallol, y 3 ceto eufano antes no reportados para este género. También se encontró isocariofileno en C. grandiflora.

  8. Producción de frutos y semillas de dos especies arbóreas nativas en un bosque mesófilo de montaña de Veracruz, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Yureli García-De La Cruz

    2015-07-01

    Full Text Available Se estimó y comparó la producción de frutos y semillas de una muestra de árboles pertenecientes a Alchornea latifolia y Liquidambar styraciflua en un bosque de niebla en la zona centro del estado de Veracruz. Los individuos se seleccionaron con base en sus características fenotípicas; se tomaron datos estructurales (diámetro a la altura del pecho, altura y cobertura y éstas se compararon con la producción semillera en cada especie. Se estimó una producción de 70 380 frutos, 140 760 semillas y 6.02 kg por árbol en Alchornea latifolia y, 5 738 frutos, 303 218 semillas y 0.7 kg por árbol en Liquidambar styraciflua. Ninguna de las variables estructurales de los árboles superiores contribuyó a explicar la producción de frutos y semillas. Sin embargo, la variación entre individuos (identidad del árbol contribuyó a explicar las diferencias observadas en la producción de infrutescencias por rama, el número de semillas por infrutescencia, así como el peso de las semillas por infrutescencia en ambas especies.

  9. Remoção de sólidos em suspensão na água residuária da despolpa de frutos do cafeeiro em filtros constituídos por pergaminho de grãos de café submetido a compressões Removal of suspended solids in the wastewater of the coffee shrub cherry pulping by filters constituted by parchment of the coffee beans subjected to compressions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio T. de Matos

    2006-08-01

    Full Text Available A remoção de sólidos em suspensão é fundamental para que se possa aplicar a água residuária gerada na despolpa de frutos do cafeeiro (ARC na fertirrigação de culturas agrícolas. Dentre as opções disponíveis para efetuar a remoção de SS da ARC, está o uso de filtros orgânicos. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influência do grau de compressão na redução do volume e na eficiência do pergaminho, utilizado como material filtrante, na remoção de sólidos em suspensão (SS na ARC. Numa primeira etapa, foram realizados ensaios nos quais corpos-de-prova de pergaminho triturado (retido entre as peneiras de 2,5 e 3 mm e não-triturado (na condição em que é produzido foram submetidos a diferentes compressões para a redução do volume das colunas filtrantes em 5; 10; 15; 20; 25 e 28%. Numa segunda etapa, os corpos-de-prova foram utilizados como material filtrante da ARC para a avaliação da sua capacidade de remoção de SS presentes nessa água residuária. O pergaminho triturado ofereceu maior resistência à compressão e proporcionou, para as mesmas reduções volumétricas no material filtrante, maior eficiência na remoção de SS da ARC do que o pergaminho não-triturado. Reduções na faixa de 10% a 15% no volume do filtro constituído por pergaminho triturado foram suficientes para obter satisfatórias eficiências na remoção de SS da ARC, enquanto, para filtros constituídos de pergaminho não-triturado, as reduções de volume devem ser superiores a 25%.The removal of suspended solids (SS is fundamental to apply the wastewater from the coffee shrub cherry pulping (ARC on agricultural crops fertigation. Among the available options for the removal of SS from ARC is the use of organic filters. This study was carried out to evaluate the influence of the compression degree on either volume reduction or parchment efficiency, when used as medium filter for the removal of suspended solids (SS in

  10. Propiedades antioxidantes de los frutos secos y la disminución del colesterol total y LDL- colesterol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raquel López León

    2012-12-01

    Full Text Available Objetivo: Disminuir el colesterol total y el LDL colesterol mediante el consumo de frutos secos (maní, nuez y almendras con propiedades antioxidantes para reducir el riesgo de enfermedades cardiovasculares. Método: El presente trabajo es cuantitativo transversal, cuasi-experimental. Se tomó una muestra de 45 participantes del Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura (IICA, ambos sexos, entre 18 y 65 años de edad, con hipercolesterolemia total mayor a 200 mg/dL y LDL-colesterol mayor a 100 mg/dl uno o ambos alterados. Sin plan nutricional establecido, sin antecedentes de alcohol, tabaco, alergias a frutos secos, hipotiroidismo, manteniendo actividad física usual y no consumo de estatinas. Los frutos secos fueron maní, nueces y almendras, distribuidos en tres grupos, cada participante consumió 40 gramos diarios de un tipo de fruto seco por seis semanas. Se realizó un pre y post test de examen bioquímico de lípidos intravenoso. Instrumentos utilizados: cuestionario para recolección de datos y pesa de alimentos. Estudio realizado con una confianza estadística estimada (95 %. Resultado: Todos los participantes presentan niveles altos de ambos tipos de colesterol, uno u otro.En promedio estadístico el colesterol total disminuyó 12,7 mg/dl y el LDL colesterol disminuyó 10.8mg/dl. El colesterol total promedio estadístico disminuye 11,7 mg/dl consumiendo maní, 7,7 mg/dl, consumiendo almendras y 19.4 mg/dl consumiendo nueces. En cuanto a las disminuciones del LDLcolesterol se obtienen 6.5 mg/dl consumiendo maní, 7,5 mg/dl consumiendo almendras y 18,5 mg/dl consumiendo nueces. Discusión: El consumo de los frutos secos está asociado con la disminución del colesterol total y LDL colesterol, por sus propiedades antioxidantes, que tienen un efecto protector contra enfermedades cardiovasculares.

  11. Características físicas e químicas de frutos de maracujazeiro-amarelo enxertado em três porta-enxertos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Carlos Cavichioli

    2011-09-01

    Full Text Available O mercado de frutas frescas do maracujá-amarelo valoriza a qualidade interna e externa dos frutos. Assim, este trabalho teve o objetivo de avaliar o efeito do porta-enxerto e do tipo de enxertia na qualidade dos frutos de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims. O experimento foi conduzido no município de Adamantina-SP, no período de abril de 2006 a junho de 2007, adotando-se o delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 tratamento adicional, com quatro repetições. Os porta-enxertos avaliados foram: P. edulis (maracujá-amarelo, P. alata (maracujá-doce e P. gibertii (maracujá-giberti, em dois tipos de enxertia: hipocotiledonar e convencional por garfagem tipo fenda cheia e um tratamento adicional, sem enxertia. Utilizou-se como copa o maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims. Avaliaram-se o comprimento, o diâmetro, a massa fresca e a classificação dos frutos no período de novembro de 2006 a abril de 2007, a massa e a espessura da casca dos frutos, o rendimento do suco, o teor de sólidos solúveis totais (SST, a acidez total titulável (ATT e o ratio (SST/ATT dos frutos no mês de dezembro de 2006. O diâmetro e a massa fresca de frutos obtidos de plantas enxertadas sobre P. gibertii foram inferiores em relação aos de plantas pé-franco e aos de plantas enxertadas sobre P. alata. Os maiores comprimentos de frutos foram encontrados em plantas não enxertadas. Os porta-enxertos utilizados não influenciaram no teor de SST, na ATT e no ratio. O método de enxertia não interfere no diâmetro, no comprimento, na massa fresca dos frutos, na massa e na espessura da casca, no rendimento do suco e no teor de SST.

  12. Nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de frutos em macieiras 'Catarina' conduzidas sob manejo integrado e orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    João José Stüpp

    2013-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos dos sistemas de manejo integrado e orgânico sobre atributos de nutrição, sanidade, rendimento e qualidade de maçãs 'Catarina'. O estudo foi realizado em São Joaquim-SC, ao longo das safras de 2008/2009 e 2009/2010. O porta-enxerto era Marubakaido, com filtro de EM-9, e as macieiras conduzidas, em líder central. Os atributos do solo eram adequados ao desenvolvimento e produção das macieiras em ambos os sistemas. O sistema de manejo orgânico aumentou o teor de Cu nas folhas e Ca e Cu na casca e polpa dos frutos, a área de cor vermelha na epiderme dos frutos e a incidência de frutos com queimaduras por sol e com danos por mosca-das-frutas. O índice iodo-amido e o teor de sólidos solúveis foram superiores nos frutos do sistema orgânico. O manejo orgânico reduziu a área foliar média das plantas, e nos frutos reduziu as relações K/Ca, Mg/Ca, N/Ca e (K+Mg/Ca na casca e Mg/Ca na polpa, a severidade de "russeting", o número de sementes e a acidez titulável. Não houve diferenças quanto aos demais atributos avaliados. A produção orgânica de maçãs é viável, desde que disponível tecnologia eficaz para o controle da mosca-das-frutas.

  13. Avaliação da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira Evaluation of thinning intensity on loquat fruit quality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aexandre Manzoni Grassi

    2010-01-01

    Full Text Available A nespereira é uma frutífera de origem subtropical, porém com ampla adaptação a regiões de clima temperado com temperaturas baixas pouco rigorosas. Possui inflorescência que origina uma quantidade de frutos superior ao que pode suportar a árvore, produzindo elevada quantidade de frutos de baixo calibre, sendo necessário o raleio de frutos para a melhoria da qualidade. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira. Avaliaram-se as respostas de cinco cultivares e uma seleção de nespereira a quatro intensidades de raleio de frutos (4, 6, 8 e 10 frutos por panícula. As panículas foram selecionadas em relação ao tamanho (aproximadamente 1,5 cm de diâmetro e ensacadas utilizando-se papel jornal. Todas as panículas foram raleadas e ensacadas no mesmo dia. A colheita foi realizada quando os frutos estavam maduros, no ponto de consumo. Foram avaliados comprimento e diâmetro do fruto, massa do fruto e da semente, pH, acidez titulável e teor de sólidos solúveis. Conclui-se que a melhor qualidade de frutos pode ser obtida quando as panículas são raleadas com intensidades de 4 frutos, os quais resultam em maior comprimento, diâmetro e massa. As variáveis massa da semente, pH, acidez titulável e sólidos solúveis não foram afetadas pela intensidade de raleio.Loquat is a fruit of subtropical origin, but with wide adaptation in temperate regions with low, fairly rigorous temperatures. It presents an inflorescence that leads to higher quantity of fruit than the tree can support, resulting in a high quantity of low caliber fruit. To increase the fruit size is necessary to realize the thinning. Thus, the objective of this work was to evaluate the effects of thinning intensities on the loquat fruit quality. It was studied five cultivars and one loquat selection and four thinning intensities (4, 6, 8, and 10 fruit per panicle. Panicles were selected according to equivalent sizes (1.5 cm

  14. Desempenho de derriçadora portátil de frutos do cafeeiro

    OpenAIRE

    Souza,Cristiano M. A. de; Daniel M. de Queiroz; Francisco de A. de C. Pinto; Teixeira,Mauri M.

    2005-01-01

    Este trabalho avaliou o desempenho de uma derriçadora portátil para cafeicultura de montanha durante a colheita de frutos de cafeeiros Catucaí e Catuaí, em vários estádios de desenvolvimento. Foram determinados as características dos cafeeiros, as curvas características do motor da derriçadora, a capacidade e a eficiência de derriça, o consumo de energia, a desfolha e o nível de ruído emitido pela máquina. A derriçadora portátil teve desempenho satisfatório por apresentar baixa desfolha e núm...

  15. Caracterização do fruto de Myrtus communis L. e aplicações tecnológicas

    OpenAIRE

    Santos, Sandra Isabel Dias

    2014-01-01

    Dissertação de mestrado em Tecnologia Alimentar, apresentada na Escola Superior Agrária de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém O Myrtus communis L. é um arbusto estendido por toda a Bacia do Mediterrâneo e Médio Oriente. As flores são brancas e numerosas, o fruto é uma pseudobaga carnuda e globosa, contendo várias sementes. As folhas, coriáceas e verde-escuras, com um aroma agradável. Neste estudo pretende-se analisar as propriedades nutricionais (humidade, cinzas, prot...

  16. Produção e características qualitativas dos frutos de híbridos de maracujazeiro-amarelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vicente Contador Zaccheo

    2012-12-01

    Full Text Available A pequena disponibilidade de genótipos melhorados de maracujazeiro-amarelo contribui para a baixa produtividade da cultura no Brasil. Materiais genéticos devem ser desenvolvidos visando ao incremento da produtividade e da qualidade dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e as características qualitativas dos frutos de 36 híbridos de maracujazeiro-amarelo cultivados no norte do Paraná. As avaliações dos híbridos foram realizadas durante dois ciclos de produção da cultura, de abril a julho de 2007 e de janeiro a julho de 2008, com coletas semanais dos frutos maduros. A produção foi determinada a partir da produção total e do número de frutos por planta. Para as características qualitativas, foram avaliadas: massa, comprimento, diâmetro e relação entre comprimento e diâmetro dos frutos, além de espessura da casca, rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/ATT. A produção, em quilos de fruta por planta, situou-se entre 20 e 40 no primeiro ciclo e 54 a 96 no segundo, o que representa uma produtividade de 30 a 53 ton ha-1 para o conjunto das duas safras. Os híbridos '40' e '43'apresentam, respectivamente, maior produção e maior número de frutos no primeiro ciclo de produção Os frutos do híbrido '36' destacaram-se no atendimento das caracteristicas desejáveis de qualidade para o consumo in natura, enquanto os híbridos '43' e '60' apresentaram caracteristicas importantes para a indústria de sucos.

  17. Reguladores vegetais e o desbaste químico de frutos de tangor murcote Plant growth regulators and 'Honey' orange fruit chemical thinning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcio Christian Serpa Domingues

    2001-09-01

    Full Text Available O tangor 'Murcote' apresenta necessidade de desbaste de frutos devido a alternância de produção, caracterizado por anos de excessiva produção intercalado com anos de baixa produção, evitando assim, a diminuição da qualidade dos frutos. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de reguladores vegetais, a auxina ANA (ácido naftalenacético e ethephon (etileno no desbaste químico de frutos de tangor 'Murcote' aplicado 40 dias após o pleno florescimento. O experimento foi conduzido em Pratânia, SP, onde plantas de 5 anos de idade, enxertadas sobre o limoeiro 'Cravo', foram pulverizadas com ANA a 0, 100, 200, 300 e 400 mg L-1 e com ethephon a 200, 300 e 400 mg L-1, ambos em solução aquosa juntamente com adjuvante não iônico a 0,05%. A contagem dos frutos foi realizada previamente aos tratamentos em 2 ramos marcados por planta. O ANA não interferiu significativamente no desbaste de frutos, com porcentagens de queda variando entre 7 a 14%, enquanto que as pulverizações com ethephon mostraram maior eficiência no desbaste de frutos, principalmente na dose de 400 mg L-1, promovendo 66,6% de queda de frutos, sem contudo induzir a abscisão foliar. As doses inferiores de ethephon também promoveram desbaste de frutos da ordem de 40%. As porcentagens de queda de frutos foram pequenas, para plantas pulverizadas com ANA, enquanto que a aplicação de ethephon promoveu maior eficiência no desbaste de frutos.Alternate bearing is an important caracteristic of some mandarins that reduces fruit quality and yield in tangor Murcott, and to reduce this effect is necessary to perform fruit thinning to avoid high and low production year by year. To evaluate the effects of plant growth regulators on fruit thinning of the 'honey' orange, an auxin (NAA-naphthalene acetic acid and ethephon (ethylene, were applied 40 days after full bloom in an experiment carried out at Pratania, S.P., Brazil. Five-year-old plants grafted on Rangpur

  18. INDUCCIÓN DE POLIFENOLOXIDASA EN FRUTOS DE LULO (Solanum quitoense COMO RESPUESTA A LA INFECCIÓN CON Colletotrichum acutatum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    OBRADITH CAICEDO O

    2007-01-01

    Full Text Available Se evaluó la actividad polifenoloxidasa (PFO en corteza de frutos de lulo con el fin de determinar su participación en respuestas hacia el patógeno Colletotrichum acutatum, causante de la antracnosis. Se estudiaron condiciones para la adecuada extracción de esta enzima, encontrándose que con buffer fosfatos 100 mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP se logran las mayores actividades. Se determinaron como mejores parámetros para medir la actividad de la enzima extraída, sustrato catecol 40 mM, pH 7,0, 23 °C y 30 μL de extracto. Para determinar su posible inducción en la interacción con el patógeno, se realizó un ensayo in vivo usando frutos verdes, pintones y maduros, inocu- lados con el hongo o con agua estéril. A nueve tiempos post-inoculación se determinó la actividad PFO encontrándose que hay una respuesta diferencial con el tiempo y la madurez de los frutos y por efecto del patógeno. Se obtuvo aumento de actividad en lulos verdes a 48, 96 y 144 horas post-inoculación (hpi y en maduros a la mayoría de los tiempos evaluados, siendo éste estado en el que se presentó la respuesta más no- table de inducción. En pintones aumentó solo a 72 y 144 hpi. Los mayores valores se registraron en general para frutos en estado verde. Los frutos respondieron al estrés ocasionado por la herida activando también esta enzima. La inducción de actividad se presentó a tiempos más rápidos en los frutos menos afectados por la enfermedad (verdes y maduros, por lo que se puede postular una relación positiva entre inducción de PFO y respuesta de tolerancia a la antracnosis.

  19. Efecto de la endocría en caracteres relacionados con la calidad del fruto de zapallo Effect of inbreeding on the quality traits of squash fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sanín Ortiz Grisales

    2009-07-01

    Full Text Available Se evaluó el rendimiento y características relacionados con la calidad del fruto de seis introducciones de zapallo, Cucurbita moschata Duch., a libre polinización (S0 y en las líneas endocriadas S1 y S2. La endocría acompañada de selección no causó efectos negativos en las variables producción por planta, espesor de la pulpa del fruto, color de la pulpa del fruto y materia seca en el fruto.Yield and related traits with fruit quality for six squash introductions Cucurbita moschata Duch. from open pollination (S0 and their respective inbreeding lines (S>1 and S2 was measured. It was determined that inbreed accompanied by selection didn't cause negative effects of depression in yield and agribusiness characteristic: plant production, wall fruit thickness , color of the fruit flesh and dry matter in fruit.

  20. Posibles factores que producen la caída de fruto de Myrciaria dubia (HBK Mc Vaugh, "camu camu" durante la fenología reproductiva de la colección "cinco cuencas" en el centro experimental San Miguel - IIAP, Loreto, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sonia Farro

    2010-01-01

    Full Text Available Se evaluaron plantas de “camu camu” en cinco cuencas de Loreto (Perú, según el porcentaje de frutos con síntomas de infestación por plagas, la retención de flores y frutos en cada una de las cuencas y diámetros de ramas, y la influencia de la precipitación y temperatura en el proceso de caída de frutos según el estado fenológico. En el factor genético, la cuenca del río Putumayo destacó por presentar mayor retención de frutos, mayor rendimiento y peso promedio de frutos, así como menor ataque por plagas. Durante el proceso fenológico que duró 12 semanas, la etapa crítica de caída de flores y frutos ocurrió durante las primeras 7, siendo la retención de flores del 5.12%. Las plagas observadas son causantes del 9.27% de la caída, siendo el 9.15% causada por Edessa sp., y 0.12% por Conotrachellus dubiae. El otro 90.73% fue originado por otros factores no determinados tales como fisiológicos, nutritivos, competencia, vientos, lluvia. Los factores ambientales de temperatura y precipitación, ejercen una influencia directa e inversamente proporcional a la caída de frutos, respectivamente.

  1. Revestimentos de fécula de mandioca, perda de massa e alteração da cor de frutos de pimentão

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicentini Nívea Maria

    1999-01-01

    Full Text Available Uma proposta em estudo para minimizar as perdas pós-colheita, é o uso de revestimentos derivados da fécula de mandioca. Frutos de pimentão (Capsicum annuum L. cultivar Magali, foram mergulhados (1 minuto em suspensões a 1 e 3% de fécula geleificada, secos naturalmente ao ar e armazenados em condições ambientais onde a temperatura média do período variou de 20,2-21,8°C. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 3 tratamentos, 6 repetições e 5 frutos por parcela. As análises de controle (perda de massa e alteração da coloração, foram feitas a cada dois dias por um período de 10 dias. Os frutos com película a 3%, apresentaram inibição no desenvolvimento da coloração vermelha; porém não houve efeito sobre a perda de massa.

  2. Morphoanatomy and ontogeny of fruit in Bromeliaceae species Morfoanatomia e ontogenia de fruto em espécies de Bromeliaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natividad Ferreira Fagundes

    2010-09-01

    , seis linhas de deiscência e três feixes vasculares por carpelo. Aechmea calyculata e Billbergia nutans possuem frutos do tipo baga, com exocarpo e hipoderme como camadas mecânicas e muitos feixes vasculares por carpelo. Diversos caracteres úteis para a taxonomia de Bromeliaceae foram destacados, sendo os frutos ótimas ferramentas para a delimitação, principalmente, de gêneros e subfamílias. Em relação às cápsulas de Bromeliaceae, as macroesclereídes são firmadas como estruturas marcantes do pericarpo e a anatomia do fruto está intimamente relacionada ao tipo de deiscência. Os espessamentos de parede celular em "U" demonstram um caráter comum na família e passam a constar como estruturas ocorrentes também em frutos de monocotiledôneas.

  3. Efeito da carga pendente na qualidade de frutos de laranjeira 'Valência' Effect of crop loading on quality of 'Valencia' orange fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Franco Duarte

    2011-09-01

    Full Text Available Algumas espécies de citros apresentam produção irregular ao longo dos anos. Além da safra irregular, a alternância de produção pode interferir na qualidade dos frutos, característica cada vez mais valorizada pelo mercado citrícola. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito da carga pendente na qualidade dos frutos da laranjeira 'Valência'. O experimento foi conduzido com laranjeiras 'Valência' enxertadas em tangerineiras 'Cleópatra' em condição de campo. Em janeiro de 2007, metade das plantas teve todos os seus frutos retirados, enquanto a outra metade permaneceu intacta. As plantas que tiveram seus frutos retirados apresentaram, em setembro de 2007, floração mais intensa e, portanto, uma Alta Carga de frutos (AC, 752 frutos/árvore em 2008, quando comparadas às plantas que não tiveram seus frutos retirados, que apresentaram Baixa Carga de frutos (BC, 317 frutos/árvore. Os frutos maduros, colhidos em dezembro de 2008, foram analisados quanto à massa, teor de sólidos solúveis, acidez titulável, espessura e cor da casca, teor de suco e número de sementes. Na safra seguinte, de 2009, as avaliações das características físicoquímicas dos frutos foram repetidas nas mesmas árvores, mas durante quatro momentos entre o período de frutificação e a colheita, em novembro de 2009. Na safra de 2008, houve diferença na massa individual dos frutos com valores de 172 e 158g nas plantas BC e AC, respectivamente. O teor de sólidos solúveis, acidez titulável, teor de suco nos frutos, espessura da casca e o índice tecnológico foram semelhantes entre os tratamentos, nas safras de 2008 e 2009. Entretanto, vale considerar que, como a produção de frutos nas plantas AC, na safra de 2008, foi 2,2 vezes maior se comparada às das plantas BC (AC: 2,9 caixas/planta e BC: 1,3 caixa/planta, a quantidade total de sólidos solúveis produzida por planta também foi maior. Não houve influência da carga pendente de frutos no teor de a

  4. Efeito do fogo na produção de frutos de Qualea parviflora Mart. (Vochysiaceae em cerrado sensu stricto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexandre Cesar Palermo

    2012-08-01

    Full Text Available Entre os muitos efeitos causados por queimadas nas espécies arbóreas nativas do Cerrado, a alteração da produção de frutos tem destaque, pois implica diretamente na manutenção de populações locais. O objetivo deste trabalho foi investigar o efeito de uma queimada prescrita na produção de frutos de Qualea parviflora Mart. em área de Cerrado sensu stricto em Brasília, DF. Foram utilizadas duas áreas de Cerrado sensu stricto, uma submetida a regime de queima bienal em agosto (queimada e outra protegida contra a queima há 14 anos (controle. Em cada área, 10 indivíduos reprodutivos foram selecionados e a sua produção de botões florais, flores e frutos, acompanhada durante 22 meses. Dois meses após uma queimada prescrita em 26 de agosto de 2008, a produção de estruturas reprodutivas foi maior na área queimada do que na área-controle. Contudo, a proporção de botões que geram flores e frutos ("fruit set" foi a mesma nas duas áreas. Na estação reprodutiva seguinte, um ano após a queima não houve produção de inflorescências na área queimada. No entanto, na área-controle a produção de frutos foi maior do que no período anterior. A ausência de produção de flores nos indivíduos da área queimada um ano após o fogo sugere que Q. parviflora pode necessitar de mais de um ano para retornar ao seu ciclo normal de reprodução, indicando que os efeitos de médio e de longo prazo devem ser considerados ao se usar o fogo como instrumento de manejo para redução do combustível em áreas de Cerrado.

  5. Morfologia de frutos de goiabeira Morphology of guava fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabíola Vitti Môro

    2003-04-01

    Full Text Available A eficiência na absorção de nutrientes pelos frutos pode sofrer interferências em função da estrutura morfológica presente. Assim, frente à importância do conhecimento da morfologia dos frutos para um manejo mais adequado dos pomares em termos de adubação foliar, ou de tratamentos pós-colheita para ampliar a vida útil dos mesmos, desenvolveu-se o presente estudo, cujo objetivo foi descrever a morfologia do pericarpo dos frutos de goiabeira. Para isto, amostras do pericarpo de goiabas (cv. Paluma foram observadas ao microscópio ótico e eletrônico de varredura. Algumas das características observadas, como a presença de cutícula espessa, cêra epicuticular, três camadas subepidérmicas de células compactas e grande quantidade de esclereídeos, bem como a presença esporádica e dispersa de estômatos, podem constituir-se em barreiras para a absorção e movimentação de nutrientes e substâncias aplicadas aos frutos de goiabeira.The efficience of nutrients absortion by the fruits can be influenced by the morphological structures of the pericarp. The present research aimed to describe the pericarp morphology of guava fruits, considering the importance of this information to proceed an adequate management in leaf adubation or post harvest treatments to increase fruit's lifetime in guava orchards. The guava fruits (cv. Paluma pericarp samples were evaluated under optical and scanning electron microscopy. Some of the characteristics observed were the thick cuticle, epicuticular wax, three sub-epidermical layers of compact cells and a high amount of esclerídeos. These characteristics can be considered barriers for absortion and movement of substances in guava fruits.

  6. Composição química do óleo fixo obtido dos frutos secos da [Chamomilla recutita (L.) Rauschert] produzida no município de Mandirituba, PR.

    OpenAIRE

    Pereira, N. P. [UNESP; O.G. Miguel; M. D. MIGUEL

    2005-01-01

    A camomila [Chamomilla recutita (L.) Rauschert], é uma planta empregada na indústria de medicamentos, cosméticos e alimentos. Os frutos secos da camomila conhecidos por "sementes" são provenientes dos capítulos florais, dos quais pode-se extrair um óleo fixo rico em ácidos graxos insaturados. Através da técnica de extração com hexano em dispositivo de soxhlet, foi obtido o óleo bruto dos frutos secos da camomila em 19% de rendimento. O óleo foi caracterizado pela técnica de CG-EM, revelando u...

  7. Efectos del ambiente térmico explorado durante la etapa de llenado y almacenaje sobre el nivel de dormición en frutos de girasol (Helianthus annuus L.)

    OpenAIRE

    Bodrone, María Paula

    2014-01-01

    A pesar de que la frecuente presencia de dormición en frutos de girasol (Helianthus annuus)suele dificultar las tareas de procesamiento y utilización de los mismos como semilla, existe escasa información en relación a la regulación ambiental de la dormición en frutos de esta especie. Entre los factores ambientales que actúan como reguladores de la dormición, la temperatura ha sido identificada como uno de los principales. En este contexto, el presente trabajo tuvo por objetico principal estud...

  8. Início da produção de frutos de cagaiteira (Eugenia dysenterica DC implantada em Goiânia, Goiás

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eli Regina Barboza de Souza

    2013-09-01

    Full Text Available A cagaiteira é uma planta nativa do Cerrado, adaptada às condições impostas por este bioma, principalmente de sobreviver e produzir em solos muito pobres em nutrientes e em um regime de chuvas com um período acentuado de baixa precipitação. A planta é rústica, ornamental e com alta tolerância ao fogo. Seus frutos são apreciados ao natural e utilizados nos mais diversos tipos de alimentos processados. No entanto, pouco se conhece sobre quanto tempo esta espécie demora a entrar na fase reprodutiva. Este trabalho propõe-se a avaliar o início da produção de frutos de cagaiteiras implantadas na área experimental da Escola de Agronomia, Universidade Federal de Goiás-Goiânia, Goiás, Brasil, entre 2003 e 2008, quando as plantas apresentavam de cinco a dez anos de idade. Para a implantação do experimento, foram coletados frutos em dez áreas da região sudeste do Estado de Goiás e plantadas em um desenho de blocos casualizados, com uma planta por parcela, em quatro blocos, em espaçamento de 6,0 m x 6,0 m. As cagaiteiras apresentaram alta desuniformidade para iniciar sua produção. No quinto ano após o plantio, somente 5,2% das plantas entraram em produção e, após dez anos, 55,7% das plantas. Destas plantas, somente 6,8% conseguiram produzir em, pelo menos, quatro anos de observação. Apenas quatro plantas entraram em produção e mantiveram esta nos seis anos de observação. O número de frutos por planta é muito baixo; somente 3,4% das plantas produzem mais de 200 frutos no décimo ano. Existe uma tendência de aumento de número de frutos com a idade da planta.

  9. Avaliação da produção e qualidade de frutos de melancia sob diferentes doses de potássio em cobertura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joel Carlos Alves Rodrigues

    2016-12-01

    Full Text Available O potássio desempenha várias funções na bioquímica e fisiologia das plantas, como nos processos de fotossíntese, transporte e armazenamento de assimilados. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção e qualidade da melancia cv. ‘Crimson Select Plus’ em função de doses de potássio como cobertura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com cinco tratamentos, quatro repetições e 20 plantas por parcela. Os tratamentos consistiram de cinco doses de potássio (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-1. A fonte de potássio utilizada foi o cloreto de potássio (60% de K2O, aplicado de forma parcelada em cobertura. Foram realizadas avaliações de produção e qualidade de frutos: diâmetro do fruto - DF (cm, comprimento de fruto - CF (cm, massa fresca - MF e seca do fruto - MS (kg fruto-1, espessura da polpa - EP (cm, espessura casca - EC (cm e produtividade – PRODU (t ha-1. Para avaliação de qualidade, foram realizadas as análises de sólidos solúveis - SS (ºbrix, pH, acidez titulável - AT e índice de maturação - IM (SS/AT. A espessura de casca, pH, acidez titulável e índice  de maturação não foi alterada pelas doses de potássio. A dose que apresentou melhores resultados para a cultura da melancia da cultivar “Crimson Select Plus” em cobertura foi de 209,39 kg de K2O ha-1

  10. Efeito do ensacamento na qualidade dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos da atemoieira e da pinheira Bagging effect upon either quality of the fruits and incidence of the fruit borer in atemoya and sweetsop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2009-01-01

    Full Text Available Este estudo teve por objetivo avaliar o uso de diferentes invólucros nos frutos de atemoieira e pinheira na qualidade físico-química dos frutos e na incidência da broca-dos-frutos, Cerconota anonella. Os experimentos foram instalados em dois pomares comerciais: um de atemoieira no município de Matias Cardoso e outro de pinheira no município de Verdelândia, Norte de Minas Gerais. Os tratamentos para a atemoieira consistiram em: 1 Testemunha (sem ensacamento; 2 Saco plástico leitoso; 3 Saco de TNT (tecido-não-tecido branco sem fundo e 4 Saco de TNT branco com fundo. Para a pinheira foi modificado apenas o tratamento 2 para saco de papel pardo. Avaliaram-se número de dias da polinização à colheita, número de dias da colheita ao amadurecimento, ocorrência de injúrias e brocas e características físico-químicas dos frutos. Observam-se maior número de dias entre a colheita e o amadurecimento e mais firmeza nos frutos de pinheira não-ensacados. O uso do plástico leitoso controlou a broca em frutos de atemoieira. As características físico-químicas: massa, comprimento, diâmetro dos frutos e teor de sólidos solúveis totais da polpa não foram influenciados pelo uso dos invólucros.This study was conducted to evaluate the effect from using different involucres for fruits of the atemoya and sweetsop upon either physiochemical quality of the fruits and incidence of the fruit borer Cerconota anonella. The experiments were set up in two commercial orchards: one with atemoya at Matias Cardoso county and the other one with sweetsop at Verdelândia on northern Minas Gerais state. The treatments for atemoya consisted of: 1 Control (without bagging; 2 Milky plastic bag; 3 White, bottomless, tissue-non-tissue (TNT bag; and (4 With bottom TNT bag. For the sweetsop, only treatment 2 was modified to brown paper bag. The following evaluation were performed: the number of days from pollination to harvest, number of days from harvest to ripening

  11. Caqui cv. 'Mikado': análise de compostos voláteis em frutos adstringentes e destanizados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristella Martineli

    2013-08-01

    Full Text Available O objetivo do presente trabalho foi determinar os compostos voláteis em frutos de caqui Mikado adstringentes e destanizados, em dois períodos de armazenamento, utilizando microextração em fase sólida (MEFS, fibra DVB/CAR/PDMS por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM. A partir dos resultados foi possível observar diferenças na composição volátil em frutos adstringentes e destanizados de caqui Mikado, com perdas em ambas as amostras. A remoção da adstringência com exposição ao álcool promoveu aumento dos voláteis no 1o dia após a destanização. Os compostos voláteis de caqui Mikado são representados, majoritariamente, por hidrocarbonetos terpênicos, seguidos de ésteres de cadeia linear.

  12. INFLUENCIA DEL CULTIVO INTERCALADO EN LA PRODUCCIÓN Y CALIDAD DEL FRUTO DE TOMATE CEREZA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabricio Rossi

    2013-12-01

    Full Text Available El presente trabajo tiene por objetivo determinar la influencia en la cosecha y calidad de los frutos de Solanum lycopersicum L. (1753 cv. cereza [Lycopersicum esculentum Mill. 1768] (tomate en convivencia con cultivos intercalares de cinco Fabaceae, plantas auxiliadoras en la agricultura y dos tratamientos con y sin residuos de cosecha de Zea mayz L. El estudio fue im- plantado en el Polo Centro Sul, Piracicaba-SP. Brasil, en suelo Argisol rojo-amarillo distrófico. El diseño experimental fue en bloque al azar con cinco repeticiones y ocho tratamientos en con- vivencia con plantas de tomate con:1 Sin residuos de ZEAMA-Zea mayz L.;2 Con residuos de ZEAMA- Zea mayz L. cv.cativerde 2; 3 CANEN- Canavalia ensiformis (L. DC.; 4CRO- JU- Crotalaria juncea L.; 5 MUCPR- Mucuna pruriens (L. DC. cv. arbusto (enana o anã; 6 VIGRA- Vigna radiata L. 7 LUPAL- Lupinus albus L.; 8 VIGUN- Vigna unguiculata (L. Walp. Los resultados mostraron que la producción y calidad de los frutos de tomate fue normal, sin ataque de plagas y no se aplicó ningún agrotóxico. El abono verde, así como la presencia o ausencia de residuos de cosecha de maíz, no interfiere en la temporada de cosecha. En cuanto al análisis de sólidos solubles totales (SST y acidez (pH no difirió entre los tratamientos.

  13. Caracterização de plantas e de frutos de araticunzeiro (Annona crassiflora Mart. nativos no Cerrado Matogrossense

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alex Caetano Pimenta

    2014-12-01

    Full Text Available O araticunzeiro (Annona crassiflora Mart - Annonaceae é uma frutífera nativa do cerrado brasileiro que necessita de estudos visando à geração de dados para subsidiar pesquisas relativas à sua domesticação. Com o presente trabalho, objetivou-se estudar uma população de araticunzeiro em relação ao diâmetro do caule e altura das plantas, à produção e às características físicas e químicas de frutos. Nas plantas, mensuraram-se diâmetro do caule, altura e produção de frutos. Nos frutos, analisaram-se os diâmetros longitudinal (DL e transversal (DT, a relação DL/DT, as massas do fruto, da casca, da semente e da polpa, e calculou-se o rendimento de polpa. Na polpa, efetuaram-se as determinações de sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT, pH e umidade. As árvores possuem diâmetro do caule de 10,4±3,1 cm e altura de 3,7±0,7m com produção média de 6,0±3,6 frutos por planta. Em média, os frutos possuem DL de 14,2±1,4, DT de 15,2±2,2 e relação DL/DT de 0,9±0,1; possuem massa média de 1.565,5±508,5g, tendo as massas da casca, das sementes e da polpa médias de 662,2±198,2g, 179,8±66,2g e 723,5±276,7g, respectivamente, com rendimento médio de polpa igual a 45,9±4,7% do fruto. Na polpa, constataram-se médias de SS de 17,60±1,86 ºBrix, AT de 0,37±0,11% de ácido málico, relação SS/AT de 52,23±17,64, pH de 4,45±0,23 e umidade média igual a 74,3±2,86%. O araticunzeiro possui características físicas e químicas que o tornam uma alternativa para a fruticultura nativa brasileira.

  14. Caracterización bioquímica y fisiológica de algunos frutos amazónicos (Capsicum sp. Y Eugenia stipitata MC VAUGH)

    OpenAIRE

    Hernández María Soledad; Melgarejo Luz Marina; Manduca Fermín Juan Francisco

    2006-01-01

    Los niveles de la actividad poligalacturonasa (PG) fueron cuantificados en diferentes estadios de madurez de frutos de cuatro especies de ají Capsicum chinense, Capsicum baccatum, Capsicum annuum y Capsicum frutescens. Las muestras fueron colectadas y almacenadas a -10º C. La determinación de la actividad poligalacturonasa fue medida por el método de azúcares reductores de Somogyi-Nelson y el contenido de proteínas por Bradford. El comportamiento de la actividad PG de la especie C. chinense e...

  15. Metabolismo del calcio y su relación con la “mancha de madurez” del fruto de banano. una revisión

    OpenAIRE

    Díaz Andrea; Cayón Gerardo; Mira John Jairo

    2010-01-01

    La “mancha de madurez” de los frutos de banano es un desorden fisiológico causado por una absorción baja de calcio por parte de la planta en épocas secas. Varios reportes científicos demuestran la relación estrecha de la enfermedad con las deficiencias de calcio en épocas de sequía. La fertilización y el comportamiento del calcio con respecto a otros nutrientes del suelo son también factores que inciden en la mancha de madurez, incidencia que es reducida con fertiliza...

  16. Produção e qualidade de frutos de pitaia-vermelha com adubação orgânica e granulado bioclástico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Amato Moreira

    2011-10-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência da adubação orgânica e a aplicação de granulado bioclástico na produção e na qualidade de frutos de pitaia-vermelha. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com oito adubações: testemunha, esterco de curral, cama de frango, granulado bioclástico, esterco de curral + cama de frango, esterco de curral + granulado bioclástico, cama de frango + granulado bioclástico e esterco de curral + cama de frango + granulado bioclástico, aplicadas a cada três meses desde setembro de 2008, com três repetições, e a parcela experimental composta por quatro plantas. Foram avaliados os frutos em fevereiro/março de 2010. Após a colheita dos frutos foram retirados cladódios das plantas para a realização das análises dos teores de nutrientes contidos na matéria seca, em julho de 2010. As análises feitas nos frutos foram: diâmetro transversal, diâmetro longitudinal, massa, rendimento de polpa, acidez titulável, sólidos solúveis e ratio. Os dados foram submetidos à análise de variância e ao teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. As plantas adubadas com esterco de curral + cama de frango produziram maior número de frutos por planta, e a adição de granulado bioclástico favoreceu a qualidade dos frutos de pitaia-vermelha.

  17. Características fisicoquímicas y organolépticas de frutos de tomate de árbol (Solanum betaceum Cav a dos temperaturas de almacenamiento y tipos de cera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge Contreras

    2011-02-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue observar y analizar el comportamiento poscosecha de frutos de tomate de árbol, variedad Rojo Común, provenientes de Turmequé (Boyacá; a 2.100 msnm, precipitación anual: 1.600 mm, temperatura media: 19ºC. Los frutos fueron tratados con dos ceras naturales (Ceratec y Cerabrix y almacenados a temperaturas de 6°C y 18°C (temperatura ambiente, con humedades relativas del 90% y 75% respectivamente. Características como firmeza, pH, peso fresco, índice de madurez, acidez titulable y sólidos solubles fueron medidas durante 24 días. Al final de este periodo, se realizó un análisis sensorial, dirigido a los frutos que presentaron las mejores características de consumo (los almacenados a 6ºC. A temperatura ambiente, el encerado no se presentó como una práctica conveniente para la conservación de los frutos de tomate de árbol. Frutos a 6ºC tuvieron un excelente comportamiento poscosecha, pero el encerado no se manifestó como una fuente de variación, ya que no aparecieron diferencias estadísticas significativas entre los tratamientos en frío. La menor pérdida de peso (por transpiración y respiración se obtuvó en frutos a 6ºC, sin cera, seguidos por los encerados con Cerabrix. Características como firmeza, peso y acidez titulable de los frutos mostraron una tendencia a la disminución a lo largo del experimento, Por otra parte, variables como sólidos solubles, pH e índice de madurez aumentaron sus valores iniciales en general, pero se hicieron más notables en los tratamientos a 18ºC. Con respecto al análisis sensorial, se obtuvo una gran aceptación de los frutos expuestos a 6ºC, tanto en apariencia como en sabor.

  18. Efeito do ensacamento dos frutos no controle de pragas e doenças e na qualidade e maturação de maçãs 'Fuji Suprema'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Teixeira

    2011-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência de embalagens de diferentes materiais para a proteção contra pragas e doenças e seu efeito sobre a qualidade físico-química, maturação e teor de cálcio (Ca em maçãs 'Fuji Suprema'. O experimento foi desenvolvido nas safras de 2007/2008 e 2008/2009, em pomar manejado sob o sistema orgânico, localizado na região de São Joaquim (SC. O pomar era composto por plantas de dez anos de idade da cultivar Fuji Suprema, sobre porta-enxerto 'Marubakaido', com interenxerto 'EM-9'. Depois do raleio manual, aproximadamente 40 dias após a plena floração, os frutos foram ensacados com embalagens plásticas transparentes microperfuradas ou de tecido não texturizado (TNT. Os frutos foram mantidos ensacados até a colheita. A testemunha foi constituída por frutos não ensacados. Na colheita, os frutos foram avaliados quanto aos danos provocados por mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus, mariposa oriental (Grapholita molesta e lagarta enroladeira (Bonagota salubricola. As doenças foram avaliadas pela incidência de sarna da macieira (Venturia inaequalis, podridão amarga (Colletotrichum gloeosporioides e podridão carpelar (Alternaria sp., Fusarium sp.. Também foi avaliada a incidência de distúrbios fisiológicos "russeting" e "bitter pit", atributos físico-químicos de maturação e qualidade e o teor de Ca nos frutos. Independentemente do tipo de embalagem verificou-se que o ensacamento é prática eficaz na proteção contra o ataque de insetos, mas não reduz a incidência e o desenvolvimento de doenças nos frutos. Na safra de 2008/2009, o ensacamento dos frutos aumentou o teor de Ca e reduziu a incidência de "bitter pit", e aumentou a incidência do "russeting". O ensacamento dos frutos antecipou a maturação, especialmente com embalagem plástica transparente microperfurada, e reduziu a coloração vermelha, especialmente com embalagem TNT.

  19. Análisis de las características físicas y químicas del fruto de mango (Mangifera indica L. “Bocado” de tres localidades del Estado Cojedes, Venezuela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elba Milagros Garrido

    2013-12-01

    Full Text Available El mango Bocado es un fruto subutilizado a escala industrial, a pesar de que en el país posee una elevada productividad. Su aprovechamiento se ha limitado al desarrollo de productos artesanales, como jaleas, mermeladas, licores, encurtidos de mango verde y pulpa concentrada. En este trabajo se analizaron las variables físicas y químicas del mango Bocado de tres localidades del Estado Cojedes (El Genareño, Caño Hondo y La Palma para indagar diferencias sobre variables de proceso, calidad nutricional y cumplimiento de normativas internacionales y nacionales. Los frutos fueron recolectados por los productores, y procesados en el Laboratorio de Ingeniería y Tecnología de Alimentos de la Universidad Nacional Experimental de Los Llanos Occidentales Ezequiel Zamora (Cojedes, Venezuela. A los frutos de las localidades se les determinó la masa total del fruto, del epicarpio, de la semilla y del mesocarpio, el diámetro ecuatorial y polar, y las proporciones (% de las diferentes partes del fruto. Se realizaron análisis de humedad, fibra dietética, cenizas, minerales Ca, Fe, Na, K, Mg y Zn, sólidos solubles totales, acidez total titulable, pH, ácido ascórbico y actividad de agua. La diferencia entre las variables se calculó mediante un análisis de varianza y prueba de comparación de medias (Tukey, a un nivel de significancia de 5 %, así como también por análisis discriminante. Las características físicas de los frutos de las localidades de El Genareño y Caño Hondo, no pudieron ser discriminadas entre sí, pero se diferenciaron ambas de los frutos del sector La Palma. Los frutos de El Genareño presentaron porcentajes de pulpa > 65 y mayores concentraciones de potasio y ácido ascórbico, por lo que los mangos Bocado de esta localidad ofrecieron mayor beneficio para procesamiento y mejor calidad nutricional.

  20. Análisis de las características físicas y químicas del fruto de mango (Mangifera indica L. "Bocado" de tres localidades del Estado Cojedes, Venezuela

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elba Milagros Garrido

    2013-12-01

    Full Text Available El mango Bocado es un fruto subutilizado a escala industrial, a pesar de que en el país posee una elevada productividad. Su aprovechamiento se ha limitado al desarrollo de productos artesanales, como jaleas, mermeladas, licores, encurtidos de mango verde y pulpa concentrada. En este trabajo se analizaron las variables físicas y químicas del mango Bocado de tres localidades del Estado Cojedes (El Genareño, Caño Hondo y La Palma para indagar diferencias sobre variables de proceso, calidad nutricional y cumplimiento de normativas internacionales y nacionales. Los frutos fueron recolectados por los productores, y procesados en el Laboratorio de Ingeniería y Tecnología de Alimentos de la Universidad Nacional Experimental de Los Llanos Occidentales Ezequiel Zamora (Cojedes, Venezuela. A los frutos de las localidades se les determinó la masa total del fruto, del epicarpio, de la semilla y del mesocarpio, el diámetro ecuatorial y polar, y las proporciones (% de las diferentes partes del fruto. Se realizaron análisis de humedad, fibra dietética, cenizas, minerales Ca, Fe, Na, K, Mg y Zn, sólidos solubles totales, acidez total titulable, pH, ácido ascórbico y actividad de agua. La diferencia entre las variables se calculó mediante un análisis de varianza y prueba de comparación de medias (Tukey, a un nivel de significancia de 5 %, así como también por análisis discriminante. Las características físicas de los frutos de las localidades de El Genareño y Caño Hondo, no pudieron ser discriminadas entre sí, pero se diferenciaron ambas de los frutos del sector La Palma. Los frutos de El Genareño presentaron porcentajes de pulpa > 65 y mayores concentraciones de potasio y ácido ascórbico, por lo que los mangos Bocado de esta localidad ofrecieron mayor beneficio para procesamiento y mejor calidad nutricional.

  1. Caracterización bioquímica y fisiológica de algunos frutos amazónicos (Capsicum sp. Y Eugenia stipitata MC VAUGH

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernández María Soledad

    2006-06-01

    Full Text Available Los niveles de la actividad poligalacturonasa (PG fueron cuantificados en diferentes estadios de madurez de frutos de cuatro especies de ají Capsicum chinense, Capsicum baccatum, Capsicum annuum y Capsicum frutescens. Las muestras fueron colectadas y almacenadas a -10º C. La determinación de la actividad poligalacturonasa fue medida por el método de azúcares reductores de Somogyi-Nelson y el contenido de proteínas por Bradford. El comportamiento de la actividad PG de la especie C. chinense es muy temprano y similar a C. frutescens, pero el rango de la actividad PG de C. chinense es inferior a la de C. frutescens (picos máximos de 1678,572 y
    3581,5080 nmoles*min-1*mg prot-1, respectivamente. C. frutescens presentó dos períodos de actividad; y al igual que C. annuum, C. baccatum es de actividad tardía. El pico climatérico del fruto de Arazá fue de 102,49 mgCO2/kg/h, mientras que el pico de etileno fue de 26,62 mgC2H4/kg/h coincidiendo con la máxima madurez del fruto.

  2. Cambios en las propiedades fisicoquímicas de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam. cosechados en tres grados de madurez

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Isabel González Loaiza

    2014-01-01

    Full Text Available En la investigación se evaluaron los cambios en las propiedades fisicoquímicas de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam. en tres grados de madurez. Se utilizaron 300 frutos por grado de madurez y se determinaron las características físicas (peso, volumen, densidad, diámetro equivalente, índice de esfericidad, rendimiento de pulpa y cáscara y químicas (pH, acidez, sólidos solubles, índice de madurez (IM y contenido de vitamina C. Los resultados mostraron que la madurez no afecta significativamente las variables físicas, pero sí las propiedades químicas de los frutos (P < 0.01, de la forma siguiente: el pH (2.89 - 2.94, los sólidos solubles (6.58 - 9.04 °brix, el IM (1.83 - 2.84 y el contenido de vitamina C (ascórbico (4.17 - 11.95 mg/100 g de pulpa fresca; por el contrario, la acidez (cítrico disminuyó de 3.78 para 3.21 g/100 g de pulpa fresca (P < 0.01.

  3. INDUCCIÓN DE FENILALANINA AMONIO LIASA EN FRUTOS DE LULO (Solanum quitoense Lam INFECTADOS CON Colletotrichum acutatum.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martínez Peralta Sixta Tulia

    2010-04-01

    Full Text Available

    Se evaluó la dinámica de la actividad fenilalanina amonio liasa (PAL en corteza de frutos de lulo (Solanum quitoense Lam con el fin de determinar su participación en respuestas bioquímicas hacia Colletotrichum acutatum. Se establecieron como mejores condiciones para la extracción de la enzima, amortiguador ácido bórico-borato de sodio 0.1M pH 8.8, 1% SDS, 3% PVPP y para medir la actividad, sustrato L-fenilalanina 5 mM, pH 8,0, 20°C, 30 μL de extracto y 45 min. Se realizó un ensayo in vivo usando frutos en tres estados de madurez, los cuales fueron inoculados con el patógeno o tratados con agua estéril. A cinco tiempos (hpi se determinó la actividad PAL y el contenido total de fenoles, encontrándose que hay una respuesta diferencial de la enzima por efecto del patógeno y por el estado de madurez. Para frutos en el estado pintón se obtuvo el mayor aumento de PAL, el que perduró hasta 48 hpi, al compararlo con los controles y con los otros dos estados de madurez. Este aumento mostró relación con un marcado incremento en el contenido total de fenoles y con el desarrollo más tardío de síntomas característicos de antracnosis, observado para los frutos pintones. Estos resultados permiten postular, una posible relación positiva entre inducción de PAL, aumento de fenólicos y respuesta de tolerancia a C. acutatum. Para lulos en estado verde y maduro se observó aumento de PAL a 12 y 24 hpi que coincidió también con incremento en el contenido de fenoles totales, aunque para estos dos últimos estados dicho contenido disminuyó significativamente a tiempos mayores.

  4. Avaliação sensorial dos frutos de cultivares de abacaxi para consumo in natura¹

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sávio da Silva Berilli

    2011-10-01

    Full Text Available Os pomares de abacaxizeiro no Brasil sofrem constantemente com as perdas de plantas e frutos ocasionadas pela fusariose, pois as cultivares plantadas atualmente são suscetíveis a esta doença. Novas cultivares mais resistentes têm surgido, no entanto não há registros de que já tenham sido avaliadas sensorialmente por consumidores. O objetivo deste trabalho foi avaliar a aceitação sensorial de duas novas cultivares resistentes à fusariose, Vitória e EC-93, comparando-as com outras já estabelecidas no mercado consumidor de frutas in natura, Pérola e Gold. A aceitação dos frutos foi avaliada por 52 consumidores com relação a aroma, sabor, impressão global, textura, aparência da fatia, aparência do fruto inteiro, utilizando-se da escala hedônica estruturada de nove pontos, acidez e doçura ideais, com escala do ideal, e intenção de compra, com escala estruturada de 5 pontos. Sólidos solúveis totais, acidez titulável e ratio foram avaliados. A cultivar Gold obteve maiores médias de aceitação para a maior parte dos parâmetros avaliados, enquanto a cv EC-93, as menores. Exceto no atributo aparência da fatia, a cv Vitória não diferiu das cultivares mais aceitas nos parâmetros avaliados. Os frutos diferiram significativamente quanto a SST, entre 12,0 e 16,0°Brix, AT entre 0,52 e 0,81% de ácido cítrico e ratio entre 19,12 e 28,46. Dentre as cultivares resistentes à fusariose, os resultados sugerem baixo potencial de mercado para a cv EC-93 e bom para a cv Vitória.

  5. Resistencia de campo a la antracnosis de los frutos (Colletotrichum gloeosporioides en tomate de arbol (Cyphomandra (Solanum betacea (betaceum Cav. Sendt.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lobo A. Mario

    2000-12-01

    Full Text Available En el Centro de Investigación "La Selva", de la Corporación Colombiana de Investigación Agropecuaria (CORPOICA, localizado en Rionegro (Antioquia, Colombia,a 2120 msnm, se llevó a cabo una investigación, cuyo objetivo fue evaluar la resistencia de campo a la antracnosis de los frutos de tomate de árbol en la accesión 6975073 de especie C. uniloba, material que en observaciones previas no había presentado incidencia de la enfermedad. En el estudio se incluyeron igualmente 4 poblaciones de la especie cultivada C. betacea de diferentes tipos: rojo común, amarillo, partenocárpico y "mora" o "tamarillo" y una de la especie relacionada C. materna. El trabajo se llevó a cabo durante seis meses, cosechándose quincenalmente, en 5 árboles por accesión, los frutos sanos maduros y los enfermos, clasificados por grado de maduración. Todos los materiales recibieron control quí mico de la enfermedad, con excepción del tomate C. uniloba 6975073. Durante la evaluación se presentaron condiciones favorables para el desarrollo del patógeno, con una precipitación de 1361.1 mm y prevalencia de altas humedades relativas, con un promedio, al respecto, del 80.2%. Durante el período de desarrollo de la evaluación no se presentaron frutos con síntomas de antracnosis en la accesión 6975073, lo cual si ocurrió en los demás materiales, con un porcentaje de frutos enfermos que fluctuó entre el 57.64 y el 98.82%, encontrá ndose que los genotipos con mayor nivel de productividad, a su vez, presentaron la mayor suceptibilidad y pérdidas en rendimiento. Un estimado del valor de los frutos con antracnosis, proyectado a hectárea-año, señaló que las pérdidas de frutos en las diferentes accesiones de C. betacea fluctuaron entre 3006 y 11268 dólares. Complementariamente al estudio, se obtuvieron híbridos interespecí ficos entre el material resistente y una accesión de C. betacea.

  6. Tamanho de amostra para caracterização morfológica de frutos de pimenteira Sample size for morphological characterization of pepper fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AR Silva

    2011-03-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi determinar o tamanho apropriado de amostra por meio da técnica de simulação de subamostras para a caracterização de variáveis morfológicas de frutos de oito acessos (variedades de quatro espécies de pimenteira (Capsicum spp., que foram cultivadas em área experimental da UFPB. Foram analisados tamanhos reduzidos de amostras, variando de 3 a 29 frutos, com 100 amostras para cada tamanho simulado em um processo de amostragem com reposição de dados. Realizou-se análise de variância para os números mínimos de frutos por amostra que representasse a amostra de referência (30 frutos em cada variável estudada, constituindo um delineamento experimental inteiramente casualizado com duas repetições, onde cada dado representou o primeiro número de frutos na amostra simulada que não apresentou nenhum valor fora do intervalo de confiança da amostra de referência e que assim manteve-se até a última subamostra da simulação. A técnica de simulação utilizada permitiu obter, com a mesma precisão da amostra de 30 frutos, reduções do tamanho amostral em torno de 50%, dependendo da variável morfológica, não havendo diferenças entre os acessos.The appropriate sample size for the evaluation of morphological fruit traits of pepper was evaluated through a technique of simulation of subsamples. The treatments consisted of eight accessions of four pepper species (Capsicum spp., cultivated in an experimental area of the Universidade Federal da Paraíba. Small samples, ranging from 3 to 29 fruits were evaluated. For each sample size, 100 subsamples were simulated with data replacement. The data were submitted to analysis of variance, in a complete randomized design, for the minimum number of fruits per sample. Each collected data consisted of the first number of fruits in the simulated sample without values out of the confidence interval. This procedure was done up to the last subsample simulation. The

  7. Água salina e biofertilizante bovino na produção de frutos e alocação de biomassa em noni (Morinda citrifolia L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.G.L. SOUTO

    2015-06-01

    Full Text Available RESUMO:Têm sido evidenciado que os compostos orgânicos exercem ação mitigadora dos efeitos tóxicos dos sais às plantas, promovendo maior crescimento e desenvolvimento em solos com excesso de sais. Nessa direção, um experimento foi desenvolvido para avaliar os efeitos do biofertilizante bovino na produção de frutos e alocação de biomassa pelos diversos órgãos de plantas de noni, irrigadas com águas salinas. Os tratamentos foram distribuídos em blocos ao acaso, com quatro repetições e duas plantas por parcela, adotando o arranjo fatorial 5 x 2, correspondente a salinidade das águas de irrigação de 0,5; 1,5; 3,0; 4,5; 6,0 dS m-1, em substratos sem e com biofertilizante bovino, aplicado uma única vez, em volume correspondente a 10% do volume do substrato, um dia antes da instalação do experimento. As variáveis avaliadas foram: salinidade do solo, expressa pela condutividade elétrica do extrato de saturação do solo; número de frutos; massa média de fruto; produção de frutos por planta; e alocação de biomassa pelas raízes, caules, folhas e frutos. O aumento da salinidade da água de irrigação elevou o caráter salino do solo desde "não salino" para "fortemente salino" e, inibiu a produção de frutos e a acumulação de biomassa seca das plantas de noni em geral, mas, com maior intensidade nos tratamentos sem o insumo orgânico. O biofertilizante estimula o crescimento e a produção de plantas de noni cultivadas sob irrigação com águas de alta salinidade.

  8. 349 ESTUDIOS MORFO-ANATÓMICOS DE GINECEO Y FRUTO EN ESPECIES DE MENTHA (LAMIACEAE DE ARGENTINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonzani Norma

    2011-12-01

    Full Text Available Se realizaron estudios morfológicos y anatómicos de gineceo y fruto, utilizando microscopía óptica y electrónica de barrido, en especies de Mentha (sect. Mentha L.y sect. Pulegium (Mill. Coss. & Germ.. Se registran por primera vez para el género algunas novedades sobre el gineceo, histología del nectario, microesculturas en el epicarpo, presencia de ceras epicuticulares en el hilo y la morfología de los cristaloides. Se establecieron cuatro tipos de microesculturas en núculas maduras. Los resultados son evaluados desde el punto de vista taxonómico para la delimitación de las especies. Además, se registra por primera vez mixocarpia en M. citrata, M. x piperita y M. spicata y se plantean algunas consideraciones sobre este fenómeno.

  9. Avaliação do número e posição de frutos de melancia produzidos em ambiente protegido Evaluation of the number and position of watermelon fruits cultivated in a greenhouse

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santino Seabra Júnior

    2003-12-01

    Full Text Available Estudou-se a produção de melancia, cultivar New Kodama, avaliando 1 ou 2 frutos por planta fixados nos ramos entre o 8º e 11º nó e 1 ou 2 frutos por planta fixados nos ramos entre o 13º e 16º nó, no sistema tutorado em ambiente protegido. O experimento foi conduzido na UNESP, em Botucatu (SP, de outubro a dezembro de 2000. Avaliou-se a produção total de frutos por planta, peso médio de frutos e teor em sólidos solúveis totais (ºbrix. A produção foi menor (2,04 kg/planta quando manteve-se apenas um fruto fixado do 8º ao 11º nó, do que quando manteve-se dois frutos (2,57 kg/planta, mas não houve diferença significativa quando manteve-se um ou dois frutos fixados do 13º ao 16º nó, produzindo cerca de 2 kg por planta. Observou-se também maior peso médio de frutos (2,05 kg/fruto e maior teor de sólidos solúveis totais (8,78ºbrix quando mantidos apenas um fruto por planta e maior teor de sólidos solúveis totais (8,21ºbrix nos frutos mantidos do 8º ao 11º nó.The fruit production of watermelon, cultivar New Kodama, grown in two positions along the stem (8th-11th node and 13th-16th node, with one or two fruits per position was evaluated, under protected cultivation. The experiment was performed in Botucatu, São Paulo State, Brazil, from October to December, 2000. The total fruit production (kg/plant, the average fruit weight (kg/fruit and the total soluble solids were evaluated. When only one fruit was allowed to grow between the 8th and 11th node, total fruit production was lower (2,04 kg/plant than keeping two fruits (2,57 kg/fruit. However, the fruit production was similar (2,0 kg/plant to one or two fruits when they were allowed to grow between the 13th and 16th node. The average fruit weight (2,05 kg/fruit and total soluble solids (8,78ºbrix were higher in fruits grown from plants with only one fruit, than two fruits per plant. Total soluble solids were also higher in fruits grown from 8th to 11th (8,21ºbrix

  10. Apex pruning in pumpkin for fruit and seed production=Poda apical para produção de frutos e sementes de abóbora

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Toledo Rodrigues Claudio

    2014-08-01

    ísticas: número de ramos por planta, posição dos frutos nos ramos da planta, produção (número e massa de frutos por planta; produtividade; massa, comprimento e diâmetro do pescoço e bojo do fruto; massa e número de sementes por fruto; produtividade de sementes e qualidade das sementes (teste de germinação; primeira contagem de germinação; massa de mil sementes; emergência; índice de velocidade de emergência e envelhecimento acelerado. Houve diferença significativa apenas para número de ramos secundários por planta e massa de mil sementes, com maiores valores para as plantas que não foram podadas. Foram obtidas elevada média de germinação (94% e alta produtividade de frutos (16,9 t.ha-1 e sementes (148 kg.ha-1. Conclui-se que a poda apical não influencia a produção de frutos e sementes de abóbora, bem como a qualidade fisiológica das sementes.

  11. Maturação e qualidade física de frutos na germinação dos pirênios de Schefflera morototoni (Araliaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maristela Rosália Anastácio

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do estádio de maturação dos frutos nas características físicas e de germinação de pirênios de Schefflera morototoni submetidos a tratamentos pré-germinativos. Frutos com coloração verde e verde-arroxeada foram coletados de 14 acessos, despolpados em água corrente, descartando-se, após contabilização, os pirênios chochos, com endosperma retraído e oxidado, utilizando-se os uniformes (com endosperma esverdeado ocupando toda a cavidade do pirênio. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 5 (estádios de maturação dos frutos e tratamentos pré-germinativos, com quatro repetições em parcelas contendo 25 pirênios. Verificou-se que, para maior capacidade e velocidade de germinação dos pirênios, os frutos devem ser colhidos quando apresentarem coloração verde-arroxeada, descartando-se aqueles com pirênios chochos, endosperma retraído ou oxidado. A capacidade de germinação dos pirênios com endosperma uniforme varia entre 50 e 60%, com início do processo em cerca de 40 dias após semeadura, se estendendo por até 60 dias em vermiculita. Pirênios despolpados, secos e embebidos em água a 60oC por 5 minutos, seguida da embebição em água à temperatura ambiente por 12 horas iniciam o processo de germinação em menor tempo, em relação aos despolpados, secos, escarificados e embebidos por 6 horas. O endocarpo dos frutos é permeável e rígido, no entanto, apresenta abertura natural quando embebido.

  12. Melhoramento do cafeeiro: VII - Ocorrência de lojas vazias em frutos de café "mundo novo" Coffee breeding: VII - Empty fruit locules in the mundo novo coffee

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    H. Antunes Filho

    1954-01-01

    Full Text Available Êste trabalho descreve a estrutura do fruto e o método utilizado na determinação da freqüência de lojas vazias dos frutos do cafeeiro, nas quais não se encontram sementes. Êste método consiste em colher, de cada planta, uma amostra ao acaso de 100 frutos maduros, que são cortados transversalmente, anotando-se em folhas apropriadas o número de sementes dos tipos chato, moca e concha, as que ocorrem em número de três por fruto e o número de lojas vazias, desprovidas de sementes. Esta última anomalia parece resultar da paralização do desenvolvimento do endosperma, o que provavelmente se dá quando esse tecido deveria começar a preencher a cavidade já bem desenvolvida do fruto. Quando isto ocorre, a loja do fruto continúa a se desenvolver normalmente, porém sem formação de semente normal. Em geral, apenas um resto de tecido se encontra dentro das lojas vazias. Pequena porção de endosperma é às vêzes encontrada, contendo ou não um pequeno embrião. Desde 1950 vêm se examinando amostras de frutos maduros do café Mundo Novo (Coffea arabica L. var. bourbon (B. Rodr. Choussy, colhidas em tôdas as plantas de progênies plantadas nas Estações Experimentais de Campinas, Pindorama, Mocóca e Jaú, a fim de se determinar a freqüência de lojas vazias para cada uma dessas plantas. Em algumas progénies examinadas, oriundas de sementes de polinização não controlada, quasi tôdas as plantas produzem apenas pequenas quantidades de frutos com lojas desprovidas de sementes em amostras de 100 frutos, independentemente da região onde se acham plantadas. Outras progênies apresentam plantas que produzem frutos com baixa quantidade de lojas sem sementes e plantas nas quais essa quantidade é maior. A relação entre êsses tipos de plantas é relativamente constante para as mesmas progênies em regiões diferentes. A quantidade de frutos com lojas desprovidas de sementes, em amostras de 100 frutos, para uma dada planta, permanece

  13. Reguladores de crescimento na frutificação efetiva e qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Cristian Toledo Pereira

    2014-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos de reguladores de crescimento vegetal sobre a frutificação efetiva e a qualidade de frutos partenocárpicos de atemoia 'Gefner'. O experimento foi realizado em pomar de atemoia 'Gefner', em Homestead, Flórida, EUA. Utilizou-se um delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro tratamentos, cinco repetições e seis flores por parcela. Os tratamentos foram compostos por: T1, ácido naftaleno acético a 450 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T2, promalina a 100 mg L-1 e ácido giberélico a 1.000 mg L-1; T3, ácido giberélico a 1.000 mg L-1; e T4, polinização artificial (testemunha. Foram avaliados a frutificação efetiva, o crescimento e a qualidade dos frutos. A aplicação dos ácidos naftaleno acético e giberélico a flores de atemoia 'Gefner' proporcionou elevada frutificação efetiva, semelhante à da polinização artificial. A aplicação do ácido giberélico, associado ou não ao ácido naftaleno ou à promalina, resulta na produção de frutos de atemoia 'Gefner' mais tardios e menores do que os oriundos da polinização artificial, mas com boa proporção de polpa, excelente teor de sólidos solúveis e, principalmente, frutos sem sementes (partenocárpicos.

  14. Produção de blends a partir de frutos tropicais e nativos da Amazônia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Camargo Neves

    2011-03-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se o enriquecimento nutricional de néctares de frutos, pelo processamento de blends, usando-se fruteiras tropicais e Amazônicas produzidas em Roraima. Foram utilizados néctares de abacaxi, buriti, caju, camu-camu, carambola, maracujá, murici, lima-ácida Tahiti e taperebá. Foi realizado um ensaio preliminar onde se constatou que os néctares de abacaxi e maracujá seriam utilizados como matrizes e, dos quais, saíram os tratamentos: 2 controles - 100% de abacaxi e 100% de maracujá; 1 blend entre as matrizes - 50% de abacaxi + 50% de maracujá; 7 blends de cada matriz com cada fruto escolhido, na proporção de 1:1. Foram adicionados benzoato de sódio e dióxido de enxofre, nas concentrações de 500 e 200 ppm, respectivamente, em todos os néctares e blends trabalhados. Os resultados referentes à composição nutricional dos blends refletiram aumento significativo nos valores nutricionais quando em comparação com as matrizes, bem como com os néctares individuais de cada fruto. O mesmo comportamento foi observado mesmo após 10 dias de armazenamento não refrigerado. Com relação à estabilidade microbiológica, apenas os blends que utilizaram o buriti como componente apresentaram comprometimento. As análises químicas dos blends demonstraram padrões distintos das matrizes; entretanto, quando submetidos à análise sensorial, mostraram-se satisfatórias por parte dos julgadores. As composições que mais agradaram os julgadores foram os blends de ambas as matrizes associadas ao camu-camu e murici.

  15. Ocorrência e potencial biotecnológico de leveduras associadas aos frutos de Attalea speciosa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Stella Costa Santos do Vale

    2015-12-01

    Full Text Available O Babaçu (Attalea speciosa Mart ex. Spreng, é uma palmeira oleaginosa pertencente à família Arecaceae, das partes que compõem o fruto do babaçu, 15% do peso total do fruto correspondem ao epicarpo; 20% ao mesocarpo e 58% ao endocarpo (incluindo as amêndoas, sendo a amêndoa sua componente mais utilizada. Às leveduras estão intimamente associadas a uma grande variedade de insetos e de plantas. Dentre todos os órgãos dos vegetais em que há registro da existência de leveduras, os frutos representam importantes micro-habitats naturais para uma diversidade significativa de espécies de leveduras. O objetivo de este trabalho foi isolar e testar as habilidades enzimáticas de linhagens de leveduras associadas as amêndoas de Orbignya speciosa, e seu possível potencial biotecnológico para utilização com fins industriais. Foram realizadas 10 coletas, com sete dias de intervalo entre cada uma, durante 3 meses, onde foram obtidos 15 amêndoas por coleta. Foram isoladas 84 linhagens de leveduras. Atividade enzimática foi avaliada e dentre as oitenta e quatro linhagens de leveduras testadas quanto a capacidades de hidrolisar a caseína em meio protease, 26,04 % apresentaram potencial enzimático em pH ácido, 31,92% em pH neutro e 28,56% em pH alcalino, demonstrando potencial enzimático em diferentes pHs.A atividade lipolítica também foi satisfatória onde, sessenta e duas linhagens produtores de lipases podem ter uso potencial para testes de emprego comercial de lipases microbianas. Já a atividade celulolítica foi mais limitada, apenas dezenove linhagens se mostraram degradantes de celulose.

  16. Controle da qualidade do fruto de Syzygium cumini (L.) Skeels

    OpenAIRE

    Ketylin F. Migliato; Moreira,Raquel R.D.; Mello, João C. P.; Luis V. S. Sacramento; Corrêa,Marcos A.; Hérida R. N. Salgado

    2007-01-01

    Considerando-se a qualidade dos fitoterápicos, é importante salientar que a preocupação com esta questão inclui rigoroso acompanhamento das diferentes etapas do desenvolvimento e produção destes produtos, desde a coleta do vegetal até a disponibilidade do produto final. Neste trabalho foi realizado o controle da qualidade do fruto de Syzygium cumini (L.) Skeels, popularmente conhecido como jambolão. Para o controle físico-químico e microbiológico utilizaram-se metodologias farmacopéicas e não...

  17. Intoxicação experimental pelos frutos de Xanthium cavanillesii (Asteraceae em bovinos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Colodel Edson M.

    2000-01-01

    Full Text Available Os frutos moídos de Xanthium cavanillesii Schouw, foram administrados por via oral, em doses única ou repetidas, com intervalo semanal, a onze bovinos. Desses, quatro morreram. Doses únicas a partir de 5 g/kg foram letais para bovinos. Dose de 3 g/kg produziu sinais clínicos e recuperação em um bovino. Repetições de 4 doses de 3 g/kg para um bovino e 2 doses de 5 g/kg para outro bovino não foram tóxicas. Foram constatadas hipoglicemia e elevação dos níveis séricos de aspartato aminotransferase (AST nos bovinos que apresentaram sinais clínicos da intoxicação. Os primeiros sinais clínicos nos animais que morreram foram observados entre 6 e 12 horas após a administração dos frutos. A evolução do quadro clínico variou entre 5h30min e 8 horas. O quadro clínico foi semelhante nestes animais sendo que os principais sinais clínicos foram anorexia, apatia, salivação profusa e tremores musculares. Ocorreram também hipomotilidade e atonia ruminal, cólicas abdominais, gemidos freqüentes, ranger de dentes, sudorese generalizada e endoftalmia. As alterações de locomoção observadas foram incoordenação motora, instabilidade do trem posterior, decúbito permanente com movimentos de pedalagem, espasmos musculares e opistótono. As alterações respiratórias foram aumento da freqüência respiratória, respiração laboriosa com ruídos e momentos de apnéia. Finalmente ocorria perda do reflexo palpebral, ausência de reflexo pupilar e morte. No bovino que se recuperou, os primeiros sinais clínicos foram observados 18 horas após a administração e evoluíram num período de aproximadamente 72 horas. Neste bovino, através de biópsias hepáticas, observou-se necrose hepática coagulativa centrolobular associada a congestão e hemorragias. Necrose hepática coagulativa massiva foi observado por biópsias hepáticas em um bovino que morreu, a partir de 12 horas após a administração dos frutos, associada com altera

  18. Fruit and seed biometry of cambuí (Myrciaria tenella O. Berg = Biometria de fruto e semente de cambuí (Myrciaria tenella O. Berg

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Veruska Cruz da Silva

    2012-12-01

    Full Text Available The cambuí tree (Myrciaria tenella O. Berg is native to Brazil and its fruits are harvested by extraction for fresh consumption in the state of Sergipe (Brazil. Because of the regional importance of the species, this work aims to characterize the cambuí fruits and seeds. The fruits were harvested mature from native trees in the Reserva do Caju Experimental Field, on Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brazil, belonging to Embrapa Tabuleiros Costeiros. Two hundred fruits and seeds were biometrically analyzed. In addition, we evaluated the fruit, pulp, and seed color based on RHS Color Chart. Two different skin colors were found: 1. yellow [orange - red (group 32A] with yellow pulp [yellow - orange (group 17A]; and 2. purple [violet -blue (group 93A] with red pulp [red - purple (group 60A]. The seeds have only one color, green [yellow-green (group 152A] with dark stripes [Brown (group 200C]. The fruits mean diameter was 9.23 mm.fruit-1, and average width 8.50 mm.fruit-1. The seeds mean diameter was 5.34 mm.seed-1, mean width 6.52 mm.seed-1 and thickness 5.08 mm.seed-1. The cambuí is a little red fruit. The biometry had a high variability as expected, because it is a native species without any type of management.=Resumo - O cambuí (Myrciaria tenella O. Berg é nativo do Brasil e os frutos são colhidos por extrativismo para consumo in natura no estado de Sergipe (Brasil. Por causa da importância regional da espécie, objetivou-se com este trabalho caracterizar os frutos e sementes de cambuí. Os frutos foram colhidos maduros provenientes de plantas nativas do Campo Experimental Reserva do Caju, no município de Itaporanga d’Ajuda (Sergipe, Brasil pertencente a Embrapa Tabuleiros Costeiros. Foram analisados 200 frutos e sementes biometricamente. Além disso, caracterizou-se a cor da fruta, da polpa, e da semente com base na cartela de cores RHS. Foram identificados duas cores diferentes para a fruta: 1. de cor amarela [laranja - vermelho (grupo32A

  19. Propiedades físico-mecánicas del fruto y del sistema fruto-pedúnculo del café variedad Colombia.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alvarez Tobón Elizabeth

    1999-12-01

    Full Text Available En el Centro Nacional de Investigación de café CENICAFE, se estudió para café cereza variedad Colombia de frutos amarillos y rojos, de 2,3 y 4 años en estado de maduración verde, pintón y maduro, las propiedades físicas y mecánicas del sistema fruto-pedúnculo: dimensiones de los frutos, peso, momento de inercia con respecto a los tres ejes(x, y, z, longitud, diámetro y rigidez del pedúnculo, fuerza de tracción y momentos flectores y torsores necesarios para el desprendimiento de los frutos.

  20. Aminoethoxivinilglicina no controle do amadurecimento de frutos de caqui cv. Fuyu Aminoethoxyvinylglycine in the ripening control of persimmon fruits cv. Fuyu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Fuentes Fagundes

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar o efeito de aminoethoxivinilglicina (AVG, aplicado na pós-colheita, no amadurecimento de frutos de caqui (Diospyros kaki L. cv. Fuyu, armazenados à temperatura de 0 ± 2 ºC. Os frutos foram imersos durante dois minutos em solução de AVG, na concentração de 0; 415; 830 e 1.200 g ha-1 e dissolvidos em água destilada e adição de espalhante adesivo (óleo vegetal a 0,02% (v/v, secos à temperatura ambiente no barracão e armazenados em câmara fria a 0 ± 2 ºC e 95±2 % UR, e avaliados aos 32 e 52 dias com relação à firmeza, sólidos solúveis, pH da polpa, acidez titulável e injúria por frio. O AVG mostrou-se promissor no uso pós-colheita em caqui, onde os frutos tratados conservaram índices de firmeza linear em função da dose e teores de AT, SS e pH aceitáveis para o 'Fuyu'. Porém os frutos apresentaram translucidez, característica de injúria por frio, indicando a necessidade de novos estudos para se compreender a fisiologia pós-colheita deste fruto.An experiment was carried out to analyze the effect of the application of Aminoethoxyvinylglycine (AVG in post harvest application in persimmon fruits (Diospyros kaki L. cv. Fuyu stored at a temperature of 0 ± 2ºC. The fruits were immersed for two minutes into an AVG solution at a concentration of 0; 415; 830; 1200 g ha-1 and dissolved in distillated water. Then it was added adhesive spreader (vegetable oil 0.02% (v/v, dried at room temperature and stored at 0 ± 2 ºC and 95±2 % humidity. The treatments were evaluated on the 32nd and 52nd days to check the firmness, soluble solids, pH of the pulp, tritable acidity and chilling injury. The AVG may be promising in post harvest use with persimmon fruits, where treated fruits preserved linear levels of firmness in function of the doses and TA, SS and pH levels are acceptable for cv. Fuyu. However, fruits showed translucency, which are characteristics of chilling injury, indicating that new studies are

  1. Otra versión sefardí manuscrita de El debate de los frutos y el vino

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Romero, Elena

    2014-12-01

    Full Text Available The author provides with an edition of an alternate manuscript version of the Copla El debate de los frutos y el vino. The text, included in the Baqqashot ve-Shirim u-Fiyutim (manuscript, Middle East, maybe Turkey, ca. 1850, is then added to the previous versions, one manuscript version from Venice (1702 and another one from Sarajevo (ca. 1794, that were published by the author in her article “La copla sefardi de El debate de los frutos y el vino y sus ecos en la tradición oral” published in Estudios sefardíes, dedicados a la memoria de Jacob M. Hassán (z”l (Madrid: CSIC, 2011, 491-524. Besides the edition and analysis of the text, the author compares it with the two earlier versions, highlighting the structural, lexicographical and morphological differences, as well as the changes experimented.En el presente artículo se edita otra versión manuscrita de la copla El debate de los frutos y el vino. Dicho texto, procedente del manuscrito Bacašot veširim ufiyutim (Oriente, quizá Turquía, ca. 1850, viene a sumarse a las dos versiones, también manuscritas de Venecia d. 1702 y Sarajevo ca. 1794, publicadas por la misma autora en su artículo «La copla sefardí de El debate de los frutos y el vino y sus ecos en la tradición oral», aparecido en Estudios sefardíes dedicados a la memoria de Iacob M. Hassán (z”l (Madrid: CSIC, 2011, 491-524. Amén de editar y estudiar el texto, se lleva también a cabo la comparación con las dos versiones anteriores, poniendo de relieve las principales diferencias estructurales, léxicas y morfológicas, así como de cambios de formulaciones.

  2. Efectividad cualitativa del ganado caprino en la dispersión de especies de frutos secos y carnosos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. M. Mancilla-Leytón

    2015-01-01

    Full Text Available En este trabajo, se ha evaluado la capacidad de dispersión endozoócora del ganado caprino (raza Payoya de ocho especies de matorral mediterráneo:Cistus salviifolius, C. libanotis, Halimum halimifolium H. calycinum, Myrtus communis, Phillyrea angustifolia, Pistacia lentiscus y Rhamnuslycioides. Frutos de estas especies fueron ofrecidos a seis cabras estabuladas individualmente. Tras la ingestión, se procedió a recoger las hecesa intervalos de 24 horas. En las heces recuperadas, se determinó el porcentaje de pérdida de semillas (masticación y digestión, distribución de larecuperación de las semillas en el tiempo y la eficacia germinativa tras el paso por el tracto digestivo. Menos del 30% de las semillas ingeridasfueron recuperadas, con diferencias significativas entre las especies. C. salviifolius presentó el mayor porcentaje de recuperación (casi 30% y P.lentiscus el menor (0%. Esta tasa de recuperación estuvo significativamente relacionada positivamente con la dureza de las semillas. En la mayoríade las especies, la máxima tasa de recuperación se dio entre las 24-72 horas tras la ingestión. El paso por el intestino de las cabras aumentó significativamentela germinación de C. salviifolius, H. halimifolium, H. calycinum y P. angustifolia. Los resultados de este estudio pusieron de manifiestoque el ganado caprino puede favorecer la dispersión de la mayoría de las semillas de especies cistáceas estudiadas e inhibir la dispersión desemillas de frutos carnosos. El conocimiento de los mecanismos de dispersión por ungulados generalistas son aspectos importantes a tener encuenta en los planes de gestión, restauración y conservación de los ecosistemas Mediterráneos.

  3. Termoterapia para o controle de patógenos em pós-colheita em frutos da cajazeira = Thermotherapy for post harvest pathogens on Spondias fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Henrique de Brito

    2008-01-01

    Full Text Available O tratamento térmico, principalmente água quente, é método alternativo que tem sido utilizado para o controle de doenças e infestações de insetos em frutos póscolheita. O presente trabalho teve como objetivo determinar a combinação de tempo e temperatura adequada para o controle de fungos de pós-colheita em frutos de cajazeira em atmosfera ambiente. No primeiro tratamento, os frutos foram imersos em água quente e no segundo foram expostos ao vapor a 50°C por 0, 10, 20, 30 e 40 minutos para diferentes lotes de frutos. Foram retiradas de cada fruto/tratamento quatro secções, as quais foram incubadas em placas de Petri com BDA, sendo realizadas as avaliações da incidência de fitopatógenos após 7 dias de incubação. Os resultados obtidos demonstraram uma maior incidência de Rhizophus sp. nos tratamentos avaliados e redução de Aspergillus sp. e Fusariumsp., cujo comportamento foi influenciado pelo tratamento termoterápico, podendo ser indicado os tratamentos vapor e banho-maria a 50ºC a partir de 20 minutos como método alternativo no controle pós-colheita de Aspergillus sp. e Fusarium sp. em frutos da cajazeira.Thermal treatment, mainly hot water, is an alternative method that has been used for diseases and pests infestation in post harvest fruits. The present work aimed to determine a combination of correct time x temperature for post harvest fungus control on Spondias fruits. For the first treatment, fruits were dipped on hot water and, for the second, on hot air, both with 50°C for 0, 10, 20, 30 e 40 minutes for different fruit groups. Four pieces were sectioned from each fruit, per treatment, and incubated in Petri dishes with BDA,being evaluated for fungus incidence after seven days incubation. Obtained results showed higher incidence of Rhizopus sp. on the evaluated treatments, and a reduction of Aspergillus sp. and Fusarium sp., while behaviour was influenced by thermotherapy, indicating air and hot water at 50º

  4. Redes neurais artificiais na classificação de frutos: cenário bidimensional Fruit sorting using artificial neural networks: bidimensional case

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jean Paulo Silva Ramos

    2003-04-01

    Full Text Available Inúmeras são as atividades agrícolas que necessitam de interação humana nos processos decisórios, e entre elas encontra-se a classificação de frutos. O consumo de frutos "in natura" exige altíssimo nível de qualidade, demandando um processo classificatório mais acurado. A classificação de frutos depende do reconhecimento de padrões natural ou artificial, de acordo com algumas categorias pré-definidas. Uma vez que um padrão de um fruto está sendo classificado, esse deve ser comparado com algum outro padrão armazenado. A maior parte da classificação de frutos é baseada na classificação humana.Este trabalho apresenta a possibilidade de uso de redes neurais artificiais no desenvolvimento de modelos de classificação de frutos por meio de vetores de padrões. Este trabalho foi desenvolvido no Departamento de Máquinas Agrícolas da Faculdade de Engenharia Agrícola da Universidade Estadual de Campinas, as redes neurais armazenaram os vetores de padrões de frutos peso, diâmetro. Esses componentes vetoriais associados entre si interagiram, determinando um vetor padrão de saída de acordo com os padrões de frutos armazenados. Para atingir esses objetivos, foi usada uma rede Perceptron de múltiplas camadas, com algoritmo de treinamento tipo retro-propagação para armazenar os vetores de padrões de frutos e para classificação desses padrões de entrada. A rede treinada conseguiu aprender a relação entre vetores de entrada e saída, demonstrando a potencialidade do uso de tais ferramentas na classificação artificial.Agriculture is one of the economic activities that more require the presence human being in the decision taking. Innumerable are the processes that require some type of human being interference in the conclusion of the processes. Fruit Sorting depends on human or artificial pattern recognition according to some pre defined categories. Once a fruit pattern is under classification, this one must be compared to

  5. Sodium alginate edible coating for blackberry (Rubus ulmifolius fruits / Revestimento comestível de alginato de sódio para frutos de amorapreta (Rubus ulmifolius

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Yamashita

    2008-08-01

    Full Text Available The objective of this work was to check the physical, chemical, microbiological and sensorial characteristics changes of blackberries in natura and coated with sodium alginate edible coating during refrigerated storage. Fruits of blackberries cv. Comanche were sanitized and coated with sodium alginate ( % w/w, sodium alginate plus potassium sorbate (0.1% w/w solutions and fruits in natura not sanitized, that served as control. Sensorial, microbiological and physical-chemical analysis of the fruits were made during 18 days storage at 0°C. After this period the fruits showed good acceptance, according to sensorial evaluation of flavor and appearance, and showed maximum counts of 3.0.108 cfu/g for molds and yeasts and .0.107 cfu/g for psicrotrofic microorganisms. Control fruits had microbiological counts lower than the coated ones because they were less manipulated. Blackberry fruits coated with sodium alginate showed sensorial acceptance and physical and chemical characteristics similar of the fruits in natura, being an alternative to produce minimally processed fruits ready-to-eat.O objetivo do trabalho foi acompanhar as alterações das características físicas, químicas, microbiológicas e sensoriais de frutos de amora-preta in natura e revestidas com cobertura comestível a base de alginato de sódio ao longo da armazenagem sob refrigeração. Frutos de amora-preta cultivar Comanche foram higienizados e revestidos com solução de alginato de sódio ( % p/p, alginato de sódio ( % p/p + conservador sorbato de potássio (0,1% p/p e frutos in natura sem tratamento fitossanitário, que serviram de controle. As análises sensoriais, microbiológicas e físico-químicas dos frutos foram realizadas ao longo da armazenagem a 0oC por 18 dias. Após este período, tanto os frutos revestidos como os não revestidos apresentaram boa aceitação, de acordo com a avaliação sensorial de sabor e aparência, e apresentaram contagens totais máximas de ,0

  6. Inclusión de la harina del fruto de Artocarpus altilis en dietas para cerdos en preceba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Coralia Leyva

    Full Text Available En los municipios Baracoa y Maisí, provincia de Guantánamo, se determinó la composición bromatológica de la harina del fruto de Artocarpus altilis (árbol del pan y se evaluó su inclusión en dietas para cerdos en la categoría de preceba. Se utilizaron 48 animales del híbrido Yorkland x Duroc, con 33 días de nacidos y 6 kg de peso vivo como promedio. El diseño fue totalmente aleatorizado, de clasificación simple y con cuatro réplicas, cada una de ellas constituida por tres animales. Los tratamientos consistieron en: un control en el que se consumió solo pienso, compuesto por maíz y harina de soya (T1; inclusión en el pienso de 10 % de harina del fruto del árbol del pan (HFAP como sustituto del maíz (T2; 20 % de HFAP (T3 y 30 % de HFAP (T4. La harina del fruto del árbol del pan es una fuente rica en almidón, sacarosa, glucosa y fructosa; además, es muy pobre en lípidos (0,71 % y posee un moderado contenido proteínico (5,80 % y de fibra (7,74 %. Se obtuvieron iguales valores de viabilidad (100 % y consumo (34,5 kg en todos los tratamientos. Las concentraciones de taninos y saponinas fueron altas. Solo la dieta que incluyó el 10 % de la HFAP no difirió significativamente respecto al control en el resto de los indicadores evaluados. El impacto económico obtenido con esta dieta permitió ahorrar 23,19 USD por tonelada de peso vivo producido con respecto al control. Se recomienda incluir un 10 % de la HFAP como límite máximo en las dietas para cerdos en la etapa de preceba

  7. Concentração de nitrogênio na solução nutritiva e número de frutos sobre a qualidade de frutos de melão Nitrogen concentration in nutrient solution and number of fruits on quality of melon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Felipe Villani Purquerio

    2005-07-01

    Full Text Available O trabalho foi conduzido em ambiente protegido, na UNESP-FCAV, em Jaboticabal (SP, de junho a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a qualidade dos frutos do meloeiro (Cucumis melo var. reticulatus, híbrido Bônus nº2, cultivado em sistema hidropônico NFT, em função da concentração de nitrogênio na solução nutritiva (80; 140; 200 e 300 mg L-1 e do número de fruto por planta (2; 3; 4 e livre. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, em parcelas subdivididas, com seis repetições. O teor de sólidos solúveis totais e acidez total titulável foram maiores em frutos colhidos de plantas com menor número de frutos pré-estabelecidos. O aumento da concentração de N na solução nutritiva proporcionou aumento na acidez total titulável e nenhum efeito sobre o teor de sólidos solúveis totais. Houve redução nos diâmetros longitudinal, transversal e na espessura do mesocarpo com o aumento da concentração de N, bem como com o aumento do número de frutos por planta. O índice de formato de fruto manteve-se igual ou muito próximo a 1.The effect of nitrogen concentrations (80; 140; 200 and 300 mg L-1 and fruit number per plant (2; 3; 4 and free setting, on the quality of net melon fruits (Cucumis melo var. reticulatus, Bonus nº 2 hybrid was investigated. The experiment was carried out at UNESP-FCAV, Jaboticabal, Brazil, using a NFT hydroponic system, from June to November/2001. The experimental design was of randomized split plots, with six replications. Total soluble solids content and total acidity were higher in fruits harvested from plants with a smaller number of pre-set fruits. A slight increase was observed on total acidity due to the increase of nitrogen concentration in nutrient solution, without any significant effect on total soluble solids. An increase of the N concentration and the number of fruits per plant resulted in a reduction of fruit longitudinal and transversal diameters and pulp thickness. Fruit

  8. MELHORAMENTO DO TOMATEIRO: II. PROCEDIMENTO DE GARDNER E EBERHART NA ANÁLISE HETERÓTICA DE CARACTERÍSTICAS MORFOAGRONÔMICAS E DA QUALIDADE DOS FRUTOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    AMARAL JÚNIOR ANTÔNIO TEIXEIRA DO

    1997-01-01

    Full Text Available Cinco cultivares de tomateiro (Lycopersicon esculentum Mill. - Ângela I.5100, Floradade, IPA-05, Jumbo AG-592 e Santa Clara - e seus p (p - 1/2 cruzamentos foram avaliados quanto a dez características morfoagronômicas e cinco relacionadas à qualidade dos frutos, pelo método de Gardner e Eberhart. Os resultados evidenciaram suficiente variabilidade entre os parentais para a maioria das características, indicando uma situação favorável à aplicação do melhoramento genético. A potencialização das características `teor de carotenóides totais' e `conteúdo de beta-caroteno' nos frutos poderá ser alcançada por meio dos intercruzamentos envolvendo os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Jumbo AG-592, enquanto apenas a combinação Jumbo AG-592 x Ângela I.5100 revelou possibilidade de incrementos nos teores de vitamina C. Considerando-se conjuntamente as características morfoagronômicas e as relacionadas à qualidade dos frutos, conclui-se que os cultivares Ângela I.5100, Floradade e Santa Clara são os de maior potencial para compor intercruzamentos.

  9. Produtividade e qualidade de tomates Santa Cruz e Italiano em função do raleio de frutos Yield and fruit quality of Santa Cruz and Italian tomatoes depending on fruit thinning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando H Shirahige

    2010-09-01

    Full Text Available O manejo do tomateiro cultivado em ambiente protegido, com ênfase no raleio de frutos, pode contribuir de forma significativa para a produção de frutos de qualidade superior, expressando assim o potencial de cada cultivar. Foi avaliado o efeito do raleio de frutos na produtividade e seus componentes e em alguns atributos de qualidade de frutos de genótipos de tomateiro dos segmentos Santa Cruz e Italiano de crescimento indeterminado, visando ao consumo in natura. Avaliaram-se 12 genótipos de tomate de mesa (seis híbridos experimentais e seis cultivares e dois modos de condução (plantas conduzidas com e sem raleio de frutos. O experimento foi com parcelas subdivididas, distribuídas em blocos completos ao acaso com três repetições. As parcelas foram representadas pelos genótipos e as subparcelas pelos modos de condução. Avaliaram-se o número de frutos por planta, produtividade comercial de frutos, produtividade de frutos não-comercializáveis, massa média do fruto, comprimento e largura do fruto, pH, teor de sólidos solúveis totais (SS, acidez titulável (AT, relação entre SS e AT, teor de ácido ascórbico e teor de licopeno. O raleio dos frutos proporcionou incremento da produtividade comercial, massa média, comprimento e largura do fruto para os híbridos THX-02 e THX-03, do segmento Santa Cruz, e THX-04, THX-05 e Netuno, do segmento Italiano e não mostrou vantagens para a produção e seus componentes para os demais genótipos e características avaliadas. Considerando o raleio de frutos, os genótipos Giuliana e Sahel obtiveram maior produtividade comercial e massa média do fruto. Sem o raleio de frutos, 'Netuno' alcançou maior número de frutos por planta, porém, o híbrido Sahel foi quem se destacou por apresentar maior produtividade comercial e massa média do fruto. O raleio não influenciou a qualidade organoléptica dos genótipos avaliados. 'Avalon' apresentou maior teor de ácido ascórbico que 'Netuno' e

  10. Densidade de plantio e rendimento de frutos do meloeiro (Cucumis melo L. Plant density and fruit yield of muskmelon(Cucumis melo L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Sérgio Lima e Silva

    2003-08-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos da densidade de plantio (7; 10; 13; 16; 19; 22 e 25 mil plantas/ha sobre o rendimento de frutos do meloeiro, cv. Gold Pride. As densidades foram obtidas mantendo-se constante (2,0 m o espaçamento entre fileiras e variando-se o espaçamento entre covas. O trabalho foi realizado em Tibau-RN, com irrigação por gotejamento. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com sete repetições. O aumento da densidade de plantio aumentou o número e a massa de frutos, totais, comercializáveis e não-comercializáveis, reduziu o comprimento e o diâmetro dos frutos comercializáveis, mas não influenciou o teor de sólidos solúveis dos frutos comercializáveis.The objective of this work was to evaluate the effects of plant density (7, 10, 13, 16, 19, 22 and 25 thousands plants ha-1 on fruit yield of yellow melon (Cucumis melo L., cv. Gold Pride. The plant densities were obtained using the same spacing (2.0 m between rows, but varying spacing between plants at same row. The experiment was carried out at Tibau-RN county, Brazil. The complete randomized design with seven replications was used. The increase of plant density increased the total number and the total weight of the fruit, the number and weight of marketable fruits and the number and weight of unmarketable fruits, but decreased length and diameter of marketable fruits, but did not influenced total soluble solid content of melon.

  11. Estudio de algunos cambios bioquímicos durante el crecimiento y hasta la cosecha del fruto de champa(Campomanesia lineatifolia R. & P. Familia Myrtaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helber Enrique Balaguera-López

    2012-06-01

    Full Text Available La champa es una especie de la familia Myrtaceae cuyo fruto es muy apetecido por los consumidores, debido a su exquisito sabor y aroma. El objetivo de esta investigación fue realizar el estudio de algunos cambios bioquímicos durante el crecimiento y hasta la cosecha del fruto de champa, en el municipio de Miraflores, Boyacá-Colombia. Se marcaron flores de 30 árboles seleccionados al azar. Se hicieron cinco muestreos desde el día 26 después de la floración hasta la cosecha. Se llevó registro de la temperatura para calcular la acumulación de grados calor día (GDC. En el período de floración a cosecha del fruto (145 días se acumularon 1489,1 GDC. Previo a la cosecha los azúcares aumentaron y los ácidos disminuyeron, pero su concentración fue elevada. Se detectó sacarosa (mayor concentración, fructosa y glucosa, ácidos cítrico (predominante en la cosecha, succínico, málico y oxálico. La actividad poligalacturonasa inició desde los 582,06 GDC y aumentó hasta la cosecha. La tasa respiratoria fue alta al inicio y disminuyó hasta los 1422,8 GDC, punto que coincide con la madurez fisiológica, en este momento también se detectó producción de etileno. Los frutos de champa presentaron alta acidez y un representativo contenido de azúcares que determinan su sabor característico.

  12. Qualidade de frutos da tangerina 'Ponkan' após poda de recuperação Quality of 'Ponkan' tangerine tree after recovering pruning

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vander Mendonça

    2006-04-01

    Full Text Available Objetivou-se com esta pesquisa avaliar a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' em três safras subseqüentes aos tratamentos: poda de topo no rebaixamento da copa e poda da parte baixa da planta (saia. O experimento foi conduzido na Fazenda Vito Crincoli, localizada no município de Perdões - MG. O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, em esquema fatorial 4 x 2, sendo poda do topo (sem poda, poda a 3,0; 2,5 e 2,0 m e poda da saia (sem e com a poda com quatro repetições e três plantas úteis por parcela. Os diferentes tipos de poda não prejudicaram a qualidade de frutos de tangerineira 'Ponkan' nas três safras subseqüente as podas. Após o terceiro ano as plantas que sofreram podas mais severas produziram frutos com peso superiores, demonstrando a viabilidade da poda na recuperação da qualidade dos frutos.This research aimed to test top pruning effect on lowering the top canopy and pruning the lower part of the plant on the recovering of 12 years old 'Ponkan' tangerine tree. Plants were four meters height, 6x4 spacing, grafted on 'Cravo' lemon tree. This experiment was carried out at Vito Crincoli' s Farm in Perdões, MG, Brazil . It was used a randomized block experimental design in a factorial scheme of 4x2, top pruning (without pruning, pruning at 3.0; 2.5 and 2.0m from soil level and circumference pruning (with and without pruning with four replications. The useful plot was constituted of three tangerine plants. After third year of treatment plants that had been under more severe pruning gave higher fruit weight. Indicating the used of pruning to recover fruit quality.

  13. Determinação do potencial antioxidante in vitro de frutos do Cerrado brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lopes Morais

    2013-06-01

    Full Text Available Extratos em metanol e acetona de diferentes espécies do Cerrado, semente de Solanum lycocarpum A. St.-Hil (Lobeira, polpa de Byrsonima verbascifolia (L. DC. (Murici, epicarpo e mesocarpo de Caryocar brasiliense Cambess (Pequi e pendúculo de Cipocereus minensis F. Ritter (Quiabo-da-lapa foram submetidos a ensaios antioxidantes in vitro para avaliar a capacidade de sequestrar os radicais orgânicos DPPH e ABTS.+, reduzir o ferro (FRAP e/ ou inibir a peroxidação lipídica (β-caroteno. Todas as amostras apresentaram considerável atividade antioxidante, embora em diferentes proporções, destacando-se o mesocarpo de Caryocar brasiliense como o responsável pela maior atividade antioxidante por captura de radicais livres (DPPH e ABTS e poder de redução do metal (FRAP e o pendúnculo de Cipocereus minensis frente à inibição da peroxidação lipídica (B-caroteno. Os frutos estudados podem ser considerados fontes potenciais de antioxidantes naturais e podem ser explorados como aditivos alimentares promissores para a prevenção de doenças, bem como para a manutenção da saúde.

  14. Desverdecimento e Conservação em Pós-Colheita de Frutos de Kunquat (Fortunella margarita, Swingle em Resposta a Tratamentos com Ethephon e Cera

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.V. da MOTA

    1997-09-01

    Full Text Available Este trabalho teve por finalidade verificar o efeito da aplicação de cera e de vários níveis de ethephon no desverdecimento e na conservação em pós-colheita de frutos de kunquat. Os frutos, colhidos no ponto de quebra de cor, foram tratados com soluções de ethephon a 250, 500 e 1000 ppm acrescidas de 0,3 ppm de Agral, ou encerados com Stafresh. Os frutos foram selecionados visualmente por tamanho e cor e após o tratamento, foram armazenados a temperatura ambiente (26°C ± 1°C, 50 a 60% UR. Foram feitas avaliações diárias quanto a perda de peso, textura, sólidos solúveis totais (°Brix, e degradação da clorofila. Todos os tratamentos com ethephon promoveram a degradação da clorofila. A taxa de desverdecimento aumentou proporcionalmente ao aumento na concentração de ethephon. O uso da cera reduziu tanto a perda de massa quanto a taxa de desverdecimento. Não houve diferenças na textura ou no °Brix dos frutos tratados em relação ao controle. Não foi verificada alteração nas características organolépticas dos frutos tratados tanto com ethephon quanto com Stafresh.This work was carried out to verify the effect of waxing and ethephon levels on postharvest conservation and degreening of kunquat fruits. Fruits harvested at the color break stage were treated with ethephon solutions at 250, 500 and 1000 ppm + 0.3 ppm Agral, or waxed with Stafresh. Fruits were visually selected for size and color, and after the treatment were stored at room temperature (26°C ± 1°C, 50 to 60% RH. Fruits were daily evaluated for weight loss, texture, total soluble solids (°Brix, and chlorophyll degradation. All ethephon treatments were effective in promoting chlorophyll breakdown. The rate of degreening increased proportionally to the increase in ethephon concentration. Waxing reduced both weight loss and the rate of degreening. There were no differences in both texture and °Brix for treated fruits in relation to control. No off

  15. Qualidade sensorial de frutos de híbridos de bananeira cultivar Pacovan

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MATSUURA FERNANDO CÉSAR AKIRA URBANO

    2002-01-01

    Full Text Available O objetivo desse experimento foi avaliar a aceitação sensorial dos híbridos PV03-44 e PV03-76, provenientes do parental feminino cultivar Pacovan e selecionados pela Embrapa Mandioca e Fruticultura. Os atributos aroma, sabor, textura e cor foram avaliados por meio de teste de aceitação, utilizando-se de escala hedônica de 9 pontos, com frutos servidos na forma de rodelas de 1,5 cm de espessura. Análises de pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, açúcares totais e redutores e amido também foram realizadas. Os frutos apresentaram valores de pH na faixa de 4,3 a 4,5, acidez total titulável (% ácido málico de 0,53 a 0,64, sólidos solúveis totais (% de 22,2 a 27,4, açúcares totais (% de 15,0 a 24,3, açúcares redutores (% de 10,7 a 12,4 e amido (% de 2,1 a 3,2. Os resultados da análise sensorial mostraram os maiores valores para a cultivar Pacovan quanto aos atributos de sabor, textura e cor, com valores de 7,0; 6,8 e 7,8, respectivamente, posicionando-se entre os termos "gostei regularmente" e "gostei muito", na escala hedônica de 9 pontos. Os híbridos PV03-76 e PV03-44 apresentaram resultados similares entre si e significativamente inferiores aos da cultivar Pacovan para os atributos sabor e cor. Conclui-se pela aceitação sensorial satisfatória, exceto para o atributo cor, dos híbridos PV03-44 e PV03-76.

  16. Control y reducción de daños mecánicos en la manipulación de frutos cítricos

    OpenAIRE

    Garcia Garcia, F.; Ruiz-Altisent, Margarita; Riquelme Ballesteros, F.

    1997-01-01

    Durante las operaciones de recolección, transporte y manipulación de frutas y hortalizas se producen inevitablemente lesiones que progresivamente se acumulan sobre cada uno de los frutos, resultando disminuida su calidad, y por tanto su valor comercial. Los mercados actuales, tanto nacionales como internacionales, demandan frutas de alta calidad. Uno de los aspectos que constituyen esa calidad es la apariencia externa del producto, y dentro de ésta la ausencia de daños mecánicos, heridas, def...

  17. Uso de portainjerto sobre el rendimiento, calidad del fruto y resistencia a Phytophthora capsici Leonian en pimiento morrón

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Esteban Sánchez Chávez

    2015-01-01

    Full Text Available El pimiento morrón es uno de los principales chiles producidos en México a campo abierto después del chile jalapeño y el serrano. El principal factor que limita la producción de este cultivo, es la incidencia de marchitez del chile, enfermedad causada por el hongo Phytophthora capsici la cual ocasiona pérdidas entre 10 y 100% de la producción. Una alternativa viable para el control de la enfermedad, es el uso de portainjertos en hortalizas. El objetivo del presente trabajo fue estudiar el efecto del uso de portainjerto sobre el rendimiento, calidad del fruto y resistencia a P. capsici en pimiento morrón. Se utilizaron las variedades comerciales de pimiento morrón Fascinato y Janette y el portainjerto comercial Terrano. El experimento se desarrolló en un sistema de malla sombra en Delicias, Chihuahua, México durante el ciclo de producción 2012. Se usó un diseño experimental de bloques completos al azar con cuatro tratamientos y cuatro repeticiones; los tratamientos fueron: Terrano injertado con Fascinato, Terrano injertado con Janette, Fascinato sin injertar y Janette sin injertar. Las variables evaluadas fueron: rendimiento, calidad del fruto y mortandad de plantas. Los resultados obtenidos indican que la combinación variedad/portainjerto Fascinato/Terrano y Janette/Terrano produjeron los más altos rendimientos en fruto, registrándose incrementos del 53.47 % y 49.40 % respectivamente en relación a las mismas variedades sin injertar. Además, Fascinato/Terrano presentó la menor mortandad de plantas provocada por P. capsici (32 %, seguida por Janette/Terrano (36 %; mientras que las variedades Fascinato y Janette sin injertar presentaron la mayor cantidad de plantas muertas (57 % y 53 %, respectivamente, lo que indica que el portainjerto Terrano confirió resistencia a la enfermedad provocada por P. capsici. El portainjerto Terrano aumentó la producción en un 50 % y mejoró los parámetros de calidad del fruto del pimiento morr

  18. Control y reducción de daños mecánicos en la manipulación de frutos cítricos

    OpenAIRE

    Garcia Garcia, F; Ruiz-Altisent, Margarita; Riquelme Ballesteros, F.

    1997-01-01

    Durante las operaciones de recolección, transporte y manipulación de frutas y hortalizas se producen inevitablemente lesiones que progresivamente se acumulan sobre cada uno de los frutos, resultando disminuida su calidad, y por tanto su valor comercial. Los mercados actuales, tanto nacionales como internacionales, demandan frutas de alta calidad. Uno de los aspectos que constituyen esa calidad es la apariencia externa del producto, y dentro de ésta la ausencia de daños mecánicos, heridas, def...

  19. The bagging of Annona crassiflora fruits to control fruit borers=Ensacamento de frutos de Annona crassiflora contra broqueadores de frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcia Michelle Fonseca

    2012-07-01

    Full Text Available The objective of this work was to evaluate the use of plastic bags to protect the fruits of Annona crassiflora (Annonaceae against Cerconota sp. (Lepidoptera: Oecophoridae. As protection against this fruit-boring insect, 100 fruits were enclosed in plastic bags. Another 100 fruits were not bagged. The fruits were selected from the following five ranges of diameters: 1 = 0.5 – 1.99; 2 = 2.00 – 3.99; 3 = 4.00 – 7.90; 4 = 8.00 – 11.90; and 5 = 12.00 – 16.00 cm. The bagged fruits of various diameters were attacked less frequently by the pest. The bagged fruits with a diameter of less than two cm were not attacked. The percentage of fruits attacked and the number of larvae/fruit increased as the diameter of fruits increased in both treatments. The bagged fruits initially less than two cm in diameter showed the greatest final diameter and height.O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do ensacamento dos frutos de Annona crassiflora (Annonaceae no controle de Cerconota sp. (Lepidoptera: Oecophoridae. 100 frutos foram ensacados com saco plástico e 100 não ensacados em cada uma das cinco categorias de diâmetro: 1 = 0,5 – 1,99; 2 = 2,00 – 3,99; 3 = 4,00 – 7,90; 4 = 8,00 – 11,90 e 5 = 12,00 – 16,00 cm. Os frutos ensacados com sacos plásticos, nos diferentes diâmetros, apresentaram-se menos broqueados. Os frutos ensacados com menos de dois cm de diâmetro não foram broqueados. Observou-se aumento na percentagem de frutos broqueados bem como no número de brocas/fruto broqueado com o aumento na categoria do diâmetro de frutos nos diferentes tratamentos. Os frutos ensacados com menos de dois cm de diâmetro apresentaram maiores diâmetros e alturas de frutos.

  20. CARACTERIZAÇÃO DE FRUTOS E ÁRVORES DE CAGAITA (Eugenia dysenterica DC. NO SUDESTE DO ESTADO DE GOIÁS, BRASIL CARACTERIZATION OF CAGAITA (Eugenia dysenterica DC. FRUITS AND TREE IN SOUTHEASTERN REGION OF GOIAS STATE, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ROSSANA SERRATO MENDONÇA SILVA

    2001-08-01

    Full Text Available Dentre as espécies frutíferas do bioma cerrado destaca-se a cagaiteira (Eugenia dysenterica DC., Myrtaceae, cujos frutos são consumidos in natura ou processados. Os frutos, folhas e casca apresentam propriedades medicinais, a madeira é utilizada em pequenas construções e carvão. Objetivou-se caracterizar frutos e árvores da espécie por amostragem de populações de plantas existentes no Sudeste de Goiás. Coletaram-se 1344 frutos de 112 plantas de 10 sub-populações para caracterização física dos mesmos e dados de 95 árvores, visando a sua descrição morfológica. Constatou-se variação significativa ao nível de 1% de probabilidade entre as 112 plantas para todos os caracteres de fruto, assim como entre plantas dentro de subpopulação e entre as médias de subpopulações. A média para a variável peso de fruto e número de sementes por fruto foi de 12,67g e 1,70, respectivamente. Os valores máximos e mínimos encontrados para a variável altura de planta foram, respectivamente, 11,0 m e 4,10 m e para diâmetro de copa foram de 10,30 m e 1,80m.Cagaita, Eugenia dysenterica DC., Myrtaceae, stands out among the fruit tree species in the savanna ecosystem. Fruits of this species are consumed fresh or processed, the leaves, fruits and bark have medicinal proprieties and the wood is utilized for small construction and charcoal. Our objective was the characterization the trees and fruits of the species by sampling the populations found in Southeastern Goias State. Fruit characteristics were evaluated for 1344 fruits from 112 plants from 10 sub-populations, and data from 95 plants from ten sub-populations were collected for morphological description. Fruit characteristics showed significant variation at the 1% probability level among the 112 plants, as well as within the sub-populations and among sub-population means. The average fruit weight and seed number per fruit were 12.67 and 1.7 respectively. The highest and lowest values for

  1. Diversidade genética entre cultivares de mangueiras, baseada em caracteres de qualidade dos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danielle Fabíola Pereira da Silva

    2012-04-01

    Full Text Available A mangueira é uma das fruteiras mais importantes do Brasil. Apesar de existirem muitos cultivares, o cultivo tem sido realizado basicamente com o cultivar 'Tommy Atkins' e existem poucos trabalhos sobre caracterização e análise da diversidade genética dos genótipos disponíveis. Por isso, o objetivo deste trabalho foi estudar a diversidade genética de 15 cultivares de mangueiras, produzidos na Zona da Mata Mineira, sendo oito brasileiros e sete oriundos da Flórida (EUA. Para isto, frutos maduros dos 15 cultivares foram colhidos e analisados química e fisicamente. Os cultivares que se apresentaram mais similares foram 'Kent' e 'Palmer'. O cultivar 'Extrema' não se agrupou com os outros pelo método de agrupamento UPGMA, e, por esta análise houve a separação dos cultivares brasileiros e norte-americanos. Quanto às características químicas, a técnica de componentes principais não agrupou os cultivares 'Extrema' e 'Tommy Atkins' com os demais; já quanto às características físicas, observou-se a mesma separação obtida pelo agrupamento UPGMA, com exceção do cultivar 'Extrema' que, neste caso, agrupou-se com os demais cultivares. Observou-se correlação entre a coloração da polpa, o ângulo hue e o teor de açúcares solúveis totais e entre a coloração da casca, o índice b* e a percentagem de casca e polpa.

  2. Frutos y semillas medicinales vendidas en plazas de mercado de Bogotá, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valderrama-Rincón Natalia María

    2005-12-01

    Full Text Available Se realizó el inventario de los frutos y semillas mediante encuestas semiestructuradas a cerca del uso medicinal y la caracterización de los vendedores, en siete plazas de mercado de Bogotá. Se emplearon técnicas etnobotánicas cuantitativas para determinar la validación social de la información. Se registraron 54 posibles especies pertenecientes a 29 familias y 45 géneros; además, fueron recopilados 80 nombres comunes. Se registraron 33 especies en fruto, 20 en semillas y solo una especie fue comercializada como fruto y semilla. Se establecieron dos tipos de
    plazas de mercado y se crearon cuatro grupos de frutos y semillas medicinales de acuerdo a los índices utilizados.

  3. Maturação de frutos de Caesalpinia echinata Lam., pau-brasil Maturation of fruits of Caesalpinia echinata Lam. (Brasil wood

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francismar Francisco Alves Aguiar

    2007-02-01

    Full Text Available Estudaram-se parâmetros indicativos da maturação de frutos de árvores de Caesalpinia echinata, visando determinar a melhor época de colheita para propagação. Foram utilizadas 10 plantas-matriz cultivadas em Mogi-Guaçu, SP, nas quais foram etiquetadas 250 inflorescências no pico da floração para acompanhamento da maturação. As coletas de frutos tiveram início a partir da 5ª semana após a antese, prolongando-se até a 9ª, com intervalos de sete dias. Em cada coleta, analisaram-se os parâmetros: comprimento, largura e teor de água dos frutos; teor de água das sementes (após três dias de exposição ao sol para deiscência do fruto e extração da semente; porcentagem de germinação e peso de matéria seca de frutos, sementes e plântulas. Observou-se, ainda, a coloração dos frutos como parâmetro visual de maturação das sementes. O experimento foi repetido por três anos. Os testes de germinação foram realizados em caixas Gerbox contendo vermiculita umedecida com água destilada. As sementes foram colocadas para germinar em câmara regulada para 30 ºC e fotoperíodo de 12 horas O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado com quatro repetições de 25 sementes por parcela, nos anos de 1991, 1992 e 1993. As leituras de germinação foram realizadas nos 4º e 8º dias após a semeadura. Pelos resultados, conclui-se que o momento ideal para coleta dos frutos de C. echinata é no estádio de pré-dispersão (entre a 8º e 9º após a antese visualizado através da coloração, quando estes mudam de verde para castanho.Several indicative parameters regarding fruit maturity of Caesalpinia echinata were studied in order to establish the ideal harvest time. Ten matrix plants were cultivated in Moji-Guaçu, SP (22°11' to 1022°18' S and 47°13' to 47°20' WG, altitude between 600m and 730m. The climate of the region is classified as Cwa. Two hundred and fifty blossoms were tagged during the the peak

  4. Qualidade de frutos ensacados em diferentes genótipos de macieira The quality of bagged fruit of different apple genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janaína Pereira dos Santos

    2007-12-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivos verificar se o ensacamento e a retirada das embalagens em diferentes épocas afetam a qualidade dos frutos de diferentes genótipos de macieira. O estudo foi conduzido em pomar orgânico de maçãs, na Epagri/Estação Experimental de Caçador, SC, durante a safra 2005/06, com as cultivares "Fuji Suprema" e "Royal Gala" e com as seleções M-11/00, M-13/00 e MR-11/90. Utilizou-se o delineamento completamente ao acaso, composto por cinco repetições, sendo que cada planta constituiu uma repetição, e desta ensacaram-se todos os frutos. Os tratamentos foram compostos por três épocas de retirada das embalagens (15 e sete dias antes da colheita e na colheita; dois tipos de embalagens (saco de papel manteiga parafinado branco e saco de polipropileno microperfurado transparente; e o controle (frutos não ensacados. Avaliaram-se diâmetro, peso, maturação através da cor de fundo, russeting e queimadura pelo sol. Verificou-se que o ensacamento pode influenciar o tamanho e o peso de frutos em relação aos frutos não ensacados. O tipo de embalagem e o maior tempo de permanência destas nos frutos podem afetar a maturação. Não houve nenhum efeito do ensacamento ou do tipo e época de embalagem sobre a incidência de "russeting". A embalagem de polipropileno microperfurado transparente propiciou em "Fuji Suprema", "Royal Gala" e "MR-11/90" mais queimaduras de frutos em relação à embalagem de papel manteiga parafinado e ao tratamento controle.This study is aimed at evaluating the effect of unbagging during different periods on the quality of the fruits of apple genotypes. The study was carried out in an organic apple orchard, at Epagri/Caçador Experimental Station, SC, during the 2005/06 season, with cv. ‘Fuji Suprema’ and ‘Royal Gala’ and the selections M-11/00, M-13/00 and MR-11/90. The experiment was conducted under completely randomized block design with five repetitions, and each plant

  5. Effects of peeling methods on the quality of cubiu fruits Efeito dos métodos de descasque na qualidade dos frutos de cubiu

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luty Gomez Caceres

    2012-06-01

    em lotes (150 frutos cada e submetidos aos seguintes tratamentos: imersão em solução (fervente de NaOH a 2,5%, exposição ao vapor de água e imersão em água a 96 ºC por 5, 10, 15 e 20 minutos. A casca liberada durante os tratamentos térmicos foi removida sob a água corrente. No controle, os frutos foram descascados (sem aquecimento com faca de aço inoxidável. Os tratamentos foram avaliados pela totalidade e facilidade do descascamento, integridade dos tecidos, textura e atividade da peroxidase. O tratamento em solução fervente de NaOH 2,5% (5 minutos destacou-se como o melhor tratamento uma vez que inibiu o escurecimento enzimático, intensificou a cor natural amarela do fruto, descascou inteira e facilmente todos os frutos e não danificou a integridade dos tecidos. Este tratamento foi escolhido e recomendado para o processamento industrial do cubiu por promover simultaneamente o descascamento e branqueamento do fruto.

  6. Efecto de laminillas protectoras de polietileno sobre la productividad de banano sin desflora de frutos Polyethylene protective lamella effect on banana productivity without fruit deflowering

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas-Calvo

    2011-06-01

    Full Text Available Dos experimentos fueron realizados en el Caribe de Costa Rica, tanto en época climática favorable (experimento 1 como adversa (experimento 2. Los tratamientos y el nuevo tipo de laminilla de espuma de polietileno (bajo espesor y celda cerrada fueron: 1 sin laminillas entre manos o entre filas de cada mano (testigo; 2 con laminillas solo entre manos; 3 con laminillas solo entre filas de cada mano; y 4 con laminillas entre manos y entre filas de cada mano. Las variables medidas fueron: peso del racimo (kg, grosor (treintaidosavos de pulgada y largo (cm de pulpa a punta del fruto central de la fila externa de la segunda, cuarta y sexta mano y número de días de la colocación de las laminillas a la cosecha. Adicionalmente se determinaron los factores de rechazo y el número de cajas por racimo (ratio. El peso del racimo (experimento 1: p= 0.9571 y experimento 2: p= 0.5662, el grosor y la longitud de los frutos centrales de la fila externa de la segunda, cuarta y sexta mano (experimento 1: p> 0.2378; experimento 2: p> 0.1137, así como los días de la colocación de las laminillas a la cosecha (experimento 1: p= 0.5169 y experimento 2: p= 0.6916 no difirieron entre tratamientos. Independientemente de los tratamientos se observó una mayor cantidad de frutos rechazados por racimo en la época climática favorable (64.5 a 86.5 frutos con respecto a la adversa (9.6 a 16.4 frutos. La colocación de laminillas no influyó sobre la expresión del rechazo por cicatriz de crecimiento de frutos sin desflora en el campo y no mejoró, en comparación con el testigo, la relación cajas por racimo.Two experiments were conducted in Costa Rica Caribbean, both in favorable climatic period (experiment 1 and unfavorable (experiment 2. Treatments and the new type of polyethylene foam slide (low thickness and closed cell were: 1 without lamellae between hands or between rows of each hand (control; 2 with lamellae just between hands; 3 with lamellae between rows of

  7. INDUCCIÓN DE ACTIVIDAD PEROXIDASA Y DE FENOLES TOTALES COMO RESPUESTA DEL FRUTO DE LULO (Solanum quitoense L. AL PATÓGENO CAUSAL DE LA ANTRACNOSIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Blanca L. Higuera

    2009-06-01

    Full Text Available Se evaluó la inducción de peroxidasa en frutos de lulo con el fin de determinar su participación en las respuestas bioquímicas hacia el patógeno Colletotrichum acutatum, causante de la antracnosis. Se establecieron como mejores condiciones para su extracción y para determinación de la actividad: buffer fosfatos 100mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP; sustrato guayacol 15mM, peróxido de hidrógeno 10mM, pH 6,5, 55 °C y 30 µL de extracto. Se realizó un ensayo in vivo usando frutos verdes, pintones y maduros, inoculados con el hongo ó con agua estéril. Se determinó la actividad peroxidasa a diferentes horas a partir de la inoculación encontrándose una respuesta diferencial con el tiempo por efecto de la presencia del patógeno y, según el estado de madurez de los frutos. En lulos verdes inoculados con el hongo se observó aumento en la actividad al cabo de 6 y 144 horas. En lulos pintones no se observó efecto notable, mientras que en maduros el aumento en actividad fue prácticamente a todos los tiempos. Los resultados del contenido de fenoles totales mostraron que hubo acumulación a 96 y 144 horas por efecto del patógeno, para lulos en estado verde y maduro, mientras que para pintones, en los que se presentaron más rápido y con mayor severidad los síntomas de la antracnosis, no se observó aumento a ninguno de los tiempos. En los frutos más enfermos, el cambio en actividad peroxidasa y contenido total de fenoles fue menos evidente por lo que se sugiere una relación inversa de éstos con el desarrollo de la antracnosis.

  8. Tamaño óptimo de muestra para evaluar el patrón de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late' Optimal sample size for evaluate the growth pattern of 'Valencia late' orange fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Mercedes Avanza

    2010-12-01

    Full Text Available Los modelos de crecimiento de frutos describen la evolución de su tamaño a lo largo del período de desarrollo. Con fines de pronóstico, estos modelos permiten estimar en forma anticipada el tamaño que alcanzarán los frutos al momento de la cosecha. Para lograr estimaciones insesgadas del tamaño de frutos a cosecha es necesario un diseño adecuado de muestreo en la etapa de recolección de datos. El objetivo del presente trabajo fue determinar el tamaño óptimo de muestra, compuesta por árboles (n y frutos (m, para establecer modelos de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late', que permitan estimar la distribución de tamaño a la cosecha. Se trabajó con el diámetro ecuatorial de frutos previo a la cosecha, proveniente de dos huertos comerciales ubicados en la provincia de Corrientes, Argentina, durante tres temporadas. Mediante modelos mixtos se estimaron las componentes de varianzas entre árboles y frutos, y posteriormente a partir de dos tipos de metodologías se determinó el tamaño de muestra óptimo. La variabilidad entre frutos fue superior a la variabilidad entre árboles. Para la determinación del patrón de crecimiento de frutos de naranjo 'Valencia late' mediante un muestreo bietápico, se sugiere seleccionar 7 árboles y 30 frutos de cada árbol, para lograr estimaciones del diámetro ecuatorial de frutos con una precisión entre el 2 y 3%.Fruit growth models are used, among other applications, to describe the evolution of fruit size throughout its development period. For forecasting, these models allow estimate in advance the size that will achieve the fruits at harvest. To have growth curves that provide unbiased estimate of the fruit size at harvest is necessary to design an appropriate sampling at the data collection stage for its construction. The objective of the present work was to determine the optimal sample size, consisting of trees (n and fruits (m, to establish the growth patterns of orange fruits

  9. Avaliação do teor de antocianinas em polpa de acerola congelada proveniente de frutos de 12 diferentes aceroleiras (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lima Vera Lúcia Arroxelas G. de

    2003-01-01

    Full Text Available A ampla variabilidade genética nos pomares de aceroleiras brasileiros tem gerado frutos de coloração amarela a vermelha púrpura dificultando a obtenção de produtos de coloração avermelhada, cor esperada pelos consumidores. As antocianinas são pigmentos instáveis, responsáveis pela cor vermelha deste fruto maduro. Com o objetivo de determinar o teor destes pigmentos em polpa de acerola submetida ao congelamento foi instalado um experimento inteiramente casualisado. As polpas obtidas de frutos de 12 acessos (plantas do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE foram armazenadas a -18ºC, por um período de 06 meses. Unidades amostrais de 30g foram coletadas ao acaso, no período inicial e final do experimento, e submetidas a determinação quantitativa de antocianinas totais utilizando um método espectrofotométrico. Grande variação nos teores de antocianinas totais foi observada nos acessos estudados. No tempo zero de armazenamento o valor mínimo e máximo deste fitoquímico foi de 59,74mg e 3,79mg.100g -1 de polpa, respectivamente. Após seis meses de congelamento foi constatada uma redução de 3,4% a 23,6% no teor desse pigmento nas amostras avaliadas. Evidenciou-se, portanto, que o armazenamento a -18ºC por seis meses reduziu o teor de antocianinas e que os pigmentos antociânicos dos acessos 08 e 13 apresentaram-se mais estáveis ao congelamento.

  10. Caracterización molecular de Fusarium asociado a pudrición basal del fruto en pitahaya (Selenicereus megalanthus.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Salazar-González

    2016-06-01

    Full Text Available   El objetivo de este trabajo fue identificar aislamientos patogénicos de Fusarium en frutos de pitahaya amarilla afectados por pudrición basal. La caracterización molecular se realizó en diecisiete aislamientos asociados con la enfermedad, colectados en zonas productoras de pitahaya amarilla de los departamentos del Valle del Cauca, Risaralda, Boyacá y Cundinamarca, en Colombia. Se usó PCR con los cebadores ITS1 – ITS4 y TEF1α. Las secuencias de los productos de PCR se compararon con las registradas en el Cento Nacional de Información Biotecnológica (NCBI, por sus siglas en inglés, y se alinearon usando Clustal W2, se construyeron las relaciones filogenéticas con el programa MEGA 6 con el coeficiente de máxima verosimilitud. Los resultados de secuenciación para los marcadores mostraron que los aislamientos patogénicos correspondieron a F. oxysporum. El concepto filogenético confirmó que la pudrición basal de la pitahaya amarilla fue causada por F. oxysporum. Se identificó además una especie de Fusarium no reportada en el GenBank.

  11. Efecto antihipertensivo y dosis letal 50 del jugo del fruto y del extracto etanólico de las hojas de Passiflora edulis (maracuyá, en ratas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Rojas

    2006-09-01

    Full Text Available Objetivos: Determinar el efecto antihipertensivo y la dosis letal (DL 50 del jugo del fruto y el extracto etanólico de las hojas de Passiflora edulis en ratas. Diseño: Estudio prospectivo, analítico-experimental, preclínico in vivo. Lugar: Facultades de Medicina Humana, de Química e Ingeniería Química y de Farmacia y Bioquímica, Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Material biológico: Ratas. Intervenciones: Para el efecto antihipertensivo se utilizó 4 grupos de ratas (n = 6. Después de una medición basal, se indujo hipertensión arterial con L-NAME 50 mg/kg/día VO y transcurridos dos días se inició el tratamiento con agua destilada, extracto etanólico 500 mg/kg/día VO, jugo del fruto 500 mg/kg/día v.o, captopril 100 mg/kg/día VO, respectivamente. Se continuó midiendo la presión arterial en los días 3, 4, 7 y 10. Para determinar la DL50, se utilizó 12 grupos de ratones (n = 10; se aplicó 7 niveles de dosis de extracto etanólico y 5 niveles para el jugo, por única vez. Principales medidas de resultados: Disminución de la presión arterial. Resultados: El extracto etanólico y el jugo del fruto disminuyeron la presión arterial sistólica (PAS desde el primer día de tratamiento: 157,2 ± 2,3 y 156,2 ± 2,1 mmHg comparado con 167,7 ± 1,7 mmHg del grupo L-NAME (p < 0,005 y p < 0,001, respectivamente; la presión arterial diastólica (PAD también disminuyó significativamente a partir del primer día. Las DL50 para el extracto etanólico y jugo del fruto fueron 10 687 y 21 471 mg/kg, respectivamente. Conclusiones: El extracto etanólico de las hojas y el jugo del fruto de Passiflora edulis fueron efectivos en disminuir la presión arterial en ratas hipertensas, que no presentaron toxicidad aguda oral.

  12. Remoção da adstringência de frutos de caquizeiro 'Giombo' sob diferentes temperaturas Astringency removal of 'Giombo' persimmon fruits submitted to different temperatures

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimara Rogéria Antoniolli

    2002-05-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes temperaturas durante o período de exposição ao vapor de álcool etílico sobre a qualidade dos frutos de caquizeiro cultivar Giombo. Os frutos foram expostos ao vapor de álcool etílico durante 42 horas, sob temperaturas de 10, 20 ou 30°C e 95% de umidade relativa. As características químicas e físicas dos frutos foram avaliadas durante nove dias, em intervalos de três dias. As variáveis analisadas foram: grau de taninos solúveis, firmeza da polpa, perda de matéria fresca, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e teor de ácido ascórbico. O tratamento para remoção da adstringência pode ser realizado a 10, 20 ou 30°C, por 42 horas. Constatouse grau de taninos solúveis muito baixo ao sexto dia após o tratamento. A temperatura de 30°C promoveu maior rapidez no processo de perda da adstringência, mas os frutos apresentaram menor firmeza de polpa e maior perda de matéria fresca que os frutos submetidos a 20 ou 10°C.The purpose of this research was to study the effect of different temperatures during the exposure period to ethyl alcohol vapor on quality of persimmon fruits cv. Giombo. Fruits were exposed to alcohol vapor for 42 hours at 10, 20, or 30°C and 95% RH. Chemical and physical characteristics of fruits were measured for nine days, at three day intervals. Soluble tannin degree, flesh firmness, water loss, soluble solids, titratable acidity and ascorbic acid content were measured. Treatment to astringency removal can be accomplished under temperatures of 10, 20 or 30°C, for 42 hours. Degree of soluble tannins was very low at the sixth day after the treatment. The temperature of 30°C promoted higher speed in the process of astringency loss; however, the fruits showed decrease in the flesh firmness and higherup water loss to the fruits submitted to 20 or 10°C.

  13. Estimación de la oferta de frutos en el gradiente vertical de un bosque del medio Caquetá, Amazonia colombiana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Betancur Betancur Julio

    2004-12-01

    Full Text Available Durante el año 2001 se estimó la oferta de frutos en un bosque de tierra firme de la Amazonia colombiana. Se muestrearon siete parcelas de 50 x 50 m cada una (1,75 ha, en las que se censaron todos los individuos fructificados. En total se encontraron 1.154 individuos en fruto, correspondientes a 196 especies y 57 familias. En cada ciclo de muestreo  se produjeron en promedio 15.212 frutos/ha y 16,1 kg/ha de peso seco de la cosecha. Para estimar la fructificación de cada especie y familia se propuso un Índice de Valor de Importancia de Fructificación considerando el número de individuos fructificados, el número de frutos producidos y el peso de la cosecha. Las familias que presentaron los mayores valores en éste índice fueron Melastomataceae y Arecaceae, mientras que las  especies fueron Maieta guianensis y Lepidocaryum tenue. Se definieron
    cinco estratos verticales que presentaron variaciones altamente significativas en la producción de frutos, composición florística y estructura de la vegetación. Se muestrearon 16 transectos de 50 x 2 m (0,16 ha, censando todos los individuos con DAP ³ 1 cm. Se encontraron 1.857  individuos, pertenecientes a 423 especies y 69 familias. Las familias más importantes fueron Mimosaceae y Fabaceae. Las especies más importantes fueron Parkia sp. y Pseudomonotes tropenbosii. El número de
    individuos y de especies con respecto a la altura del bosque mostró mayor concentración en los primeros metros, especialmente por debajo de 5 m. Para muestrear el componente herbáceo se muestrearon siete transectos de 50 x 2 m (0,07 ha, en los que se censaron todos los individuos
    con DAP ² 1 cm. Se encontraron 1.128 individuos, pertenecientes a 65 especies y 18 familias. Las familias con mayor valor de importancia fueron Marantaceae y Melastomataceae. Las especies con mayor valor de importancia fueron Calathea angustifolia y Monotagma juruanum.

  14. Utilización de harina de frutos y hojas del árbol del pan (Artocarpus altilis) en la ceba de conejos Nueva Zelanda Blanco Utilization of fruit and leaf meals from breadfruit tree (Artocarpus altilis) for fattening New Zealand White rabbits

    OpenAIRE

    Coralia S Leyva; Valdivié,M; Ortiz, A.

    2012-01-01

    Se utilizaron 36 conejos de la raza Nueva Zelanda Blanco, de 35 días de edad y 506 g de peso vivo, con el objetivo de evaluar el efecto de tres dietas en los indicadores productivos y económicos de los animales durante la ceba. Las dietas consistieron en: 1) pienso comercial más forraje fresco de glycine (Neonotonia wightii), como control; 2) harina de frutos del árbol del pan (Artocarpus altilis) más glycine; y 3) pienso integral compuesto por una mezcla de harina de frutos y hojas del árbol...

  15. RELACIONES HÍDRICAS Y CONTENIDO IÓNICO EN PLANTAS DE MANDARINA CV FORTUNE DURANTE UN CICLODE SEQUÍA Y RECUPERACIÓN EN LA ETAPA DE RÁPIDO CRECIMIENTO DEL FRUTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José M. Dell'Amico Rodríguez

    2011-01-01

    Full Text Available Plantas de mandarina cv Fortune de 18 años fueronsometidas a un ciclo de sequía durante la fase de rápido crecimientodel fruto hasta alcanzar un potencial hídrico de tallo (¿tallo al mediodía de -2,5 MPa. El agua de riego se caracterizó por unaCE de 25ºC y un contenido de Cl--1-1 que oscilaron entre 3,97-4,39 dS.m y 14-25 meq.L, respectivamente, y un pH en tornoa 8,4. La sensibilidad a la pérdida o ganancia de agua en hojas,frutos y tallos se manifestó a través de tasas específicas diferentesy el ¿tallo fue el indicador donde primero se detectaron diferenciasa favor de las plantas bien regadas. Se encontró una buenarelación entre el potencial hídrico del fruto (¿fruto, el potencialosmótico real de la corteza (¿ORcorteza y el potencial de presiónde la corteza (¿Pcorteza. Condiciones favorables de abastecimiento hídrico y transpiración propiciaron mayores contenidos de Cl-y Na+- en hojas, corteza y jugo, por considerarse las vesículasun sumidero pobre de solutos inorgánicos y escaso flujo demasa. Los mayores contenidos de Cl en las hojas, corteza yjugo con respecto al Na+ se deben a la retención de este últimoen la parte maderable de raíces y tallo. El rendimiento y lacalidad de la cosecha no se afectaron negativamente por lasupresión del riego en esta etapa.

  16. Variações anuais na produção de frutos e sementes de Castanheira-do-Brasil (Bertholletia excelsa Bonpl., Lecythidaceae em florestas nativas de Roraima

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helio Tonini

    2014-02-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estudar as variações anuais na produção de frutos e sementes entre populações e indivíduos em castanhais nativos de Roraima. Os dados foram obtidos em cinco parcelas permanentes de 300 m x 300 m instaladas nos Municípios de Caracaraí e São João da Baliza. Nas parcelas permanentes, todas as castanheiras com diâmetro à altura do peito (DAP superior ou igual a 10 cm foram identificadas, medidas e numeradas através de placas de alumínio presas aos fustes por pregos. Durante o período de queda dos frutos (março a julho, as árvores foram visitadas em duas ocasiões no meio e no final desse período, e os frutos contados, abertos e pesados com balança de gancho digital com precisão de 50 g. A produção de frutos e sementes varia entre populações e indivíduos e a maioria não produz frutos todos os anos. No ano de maior produção, um castanhal chega a produzir 52 vezes mais do que em anos de baixa. Nos locais estudados, a produção total concentra-se em um pequeno número de indivíduos com um ano de pico de produção (mast-year.

  17. Modelos mistos para a análise da tonalidade da cor da casca de mamão (Carica papaya L.) cv. \\"Sunrise Solo\\", avaliada ao longo do tempo por meio de um scanner e de um colorímetro

    OpenAIRE

    Thiago de Paula Oliveira

    2014-01-01

    O mamão (Carica papaya L.) cv. \\"Sunrise Solo\\" é um fruto que apresenta mudança gradual e desuniforme da cor da casca, que vai de verde para amarela. Isso faz com que a metodologia instrumental para avaliação da cor, por meio de um colorímetro, seja subjetiva, devido ao número de pontos observados, bem como às localizações deles no fruto. Como alternativa, foi proposta a utilização de imagens digitalizadas de toda região da casca do fruto, obtidas por meio de um scanner de mesa. Para avaliar...

  18. Composição mineral de frutos cítricos na colheita Mineral nutrient removal by the harvest of citrus fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ondino C. Bataglia

    1977-01-01

    Full Text Available Foram amostrados à época de colheita, na Estação Experimental de Limeira, do Instituto Agronômico, frutos cítricos de nove cultivares comerciais pertencentes a diferentes espécies: Citrus sinensis - "baianinha", "hamlin", "pêra", "natal" e "valência"; Citrus reticulata -"cravo"; Citrus paradisi - "marsh-seedless"; Citrus aurantifolia - "taiti"; híbrido Citrus sinensis X Citrus reticnlata -"murcote". Os frutos foram fracionados em casca, polpa mais suco, e sementes. No material seco e moído, procederam-se às determinações dos treze elementos essenciais às plantas e mais sódio, alumínio e cobalto. As quantidades de nutrientes extraídas por tonelada de fruto fresco foram calculadas com base nas proporções e teores de umidade das partes dos frutos. Os nove cultivares estudados extraíram as seguintes quantidades médias de elementos em gramas por tonelada de fruto fresco: N-1.906; P-173; K-1.513; Ca-526; Mg-127; S-137; B-2,2; Cl-24,7; Cu-1,2; Fé-6,6; Mn-2,8; Mo-0,008; Zn-0,9; Co-0,003; Na-43,5; Al-7,6. Os dados obtidos são semelhantes aos encontrados na literatura de outros países para os citros em geral. Há, no entanto, quase sempre, uma inversão na relação nitrogênio-potássio. Os cultivares com maior capacidade de extração de macro e micronutrientes foram as laranjas natal e valência, e o de menor capacidade, o limoeiro taiti. As sementes em geral contiveram os maiores teores de nutrientes, porém a sua ocorrência nos frutos é em pequena proporção, atingindo o máximo de 3% na tangerina-cravo.Fruit samples of nine cultivars of citrus were collected at the Limeira Experiment Station, State of São Paulo. The fruits belong to several species: Citrus sinensis -"Baianinha", "Hamlin", "Pêra", "Natal", and "Valencia" sweet oranges; Citrus reticulata - "Cravo"-tangerine; Citrus paradisi -"Marsh-seedless" grapefruit; Citrus aurantifolia - Tahiti lime; hybrid Citrus sinensis X Citrus reticulata -"Murcott" tangor. The

  19. Tipificación de Diferentes Estados de Madurez del Fruto de Agraz (Vaccinium meridionale Swartz / Classification of Different Maturity Stages of Agraz (Vaccinium meridionale Swartz Fruit

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Marcela Buitrago Guacaneme

    2014-12-01

    Full Text Available Resumen. La planta de agraz o mortiño es un arbusto que perteneceal género Vaccinium, conocido hoy en día por ser fuente de altoscontenidos de antioxidantes en sus frutos, por consiguiente sirvepara inhibir la oxidación de las grasas y es usado como nutracéuticoen la prevención de enfermedades degenerativas en el humano,aspectos que han favorecido sus posibilidades de transformacióny comercialización. En el mercado se observan frutos en diferentesgrados de madurez, en detrimento de la calidad final; en partepor carecer de una caracterización fisicoquímica y de un criteriodefinido para la recolección del fruto. Por lo tanto, se establecieronestados de madurez basados en el color de la epidermis, por mediode los cuales se caracterizó el fruto. En cada estado de madurez,se evaluó el peso promedio, diámetro, pH, sólidos solubles totales(SST, acidez total titulable (ATT, relación de madurez (SST/ATTy porcentaje de germinación de las semillas. De acuerdo al colordel fruto se establecieron seis estados de madurez (0-5, diámetrode 0,8 a 1 cm y peso aproximado de 0,5 g. Los SST presentaronvalores de 7,3 a 13,8 ºBrix con un comportamiento ascendentedurante la maduración, contrario a la tendencia descendente queexhibió la firmeza y el pH con valores de 5,8 a 0,54 y 2,32 a 2,1respectivamente; por su parte la ATT presentó una variación de2,2 a 3. Se observó un incremento en la relación de madurez de2,56 en el estado 0 a 6,17 en el estado 5. / Abstract. Colombian blueberry is a bush from the Vacciniumgenus, known nowadays for the high antioxidants levels of itsfruits known as berries, that is why they are very useful for inhibitthe fat oxidation and also used as a nutraceutic for prevention ofdegenerative diseases in humans, facts which have enhanced thetransformation and marketing possibilities. In the market thereare fruits in different maturity grades, affecting the final qualityobtained, partly because of the lack of a chemical

  20. Qualidade e potencial de conservação pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cassandro Vidal Talamini do Amarante

    2013-12-01

    Full Text Available Foi avaliada a manutenção da qualidade pós-colheita dos frutos em cultivares brasileiras de goiabeira-serrana. Frutos das cultivares Alcântara, Helena, Mattos e Nonante foram colhidos na maturação comercial, no município de São Joaquim-SC, e armazenados a 4±1 ºC (90±5% UR, durante 21 dias, seguido de 8 e 48 h a 23±1 ºC (75±5% UR. Foram avaliadas a composição mineral (N, K, Mg e Ca na colheita e a qualidade dos frutos na colheita e após o armazenamento. Frutos da cultivar Nonante apresentaram na colheita maiores valores de acidez titulável (AT pH e de atributos de textura, e menores valores de pH e da relação sólidos solúveis/acidez titulável (SS/AT, sendo que, após o armazenamento refrigerado, este comportamento foi reduzido, com menores diferenças em relação às demais cultivares. Frutos de 'Nonante' apresentaram também maiores teores de K na casca e polpa, e menores teores de N na polpa e, após o armazenamento refrigerado, cor verde menos intensa na casca e menor escurecimento de polpa. Em relação aos dados de colheita, após o armazenamento refrigerado, houve maior redução na AT (41% do que no teor de SS (8,6%, o que ocasionou acentuado aumento na relação SS/AT (52,5%, considerando valores médios das quatro cultivares. Isto evidencia que, em goiaba-serrana, os ácidos orgânicos representam o principal substrato respiratório durante o armazenamento, o que compromete a qualidade sensorial pelo aumento na relação SS/AT. Frutos de 'Alcântara' foram também avaliados quanto aos efeitos do dano mecânico na colheita e do retardo no armazenamento refrigerado, na qualidade após o armazenamento. O dano mecânico na colheita (dano por queda, a uma altura de 50 cm, sobre uma superfície rígida ocasionou mínimo comprometimento da qualidade após o armazenamento refrigerado. Frutos desta cultivar apresentaram redução na AT (31%, textura da periderme (33% e força para a compressão (13%, e aumento no pH (20% e

  1. Anatomía y desarrollo del fruto en Piriqueta y Turnera (Turneraceae Anatomy and development of fruits in Piriqueta and Turnera (Turneraceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Maria Gonzalez

    2010-12-01

    Full Text Available En este estudio se analiza la anatomía, estructura y desarrollo de los frutos en 12 especies de Piriqueta y 30 especies de Turnera; con el objetivo de identificar la estructura involucrada en la dehiscencia y verificar la existencia de patrones en la organización del fruto entre las especies analizadas. El ovario es sincárpico, tricarpelar, unilocular con placentación parietal, presentando la misma estructura en todas las especies. Ambas epidermis carpelares son uniestratificadas y tienen estomas, el mesófilo es parenquimático con 3 haces dorsales y 3 marginales. Durante el desarrollo del fruto, la epidermis externa forma un epicarpo papiloso en las especies de Piriqueta. El mesocarpio deriva de los estratos medios del ovario, formando un estrato mecánico de braquiesclereidas. Estas esclereidas pueden organizarse como un cilindro continuo determinando frutos de superficie lisa o agruparse en nidos, unidos o no, determinando así frutos granulares, verrugosos, o tuberculados. Las cápsulas son loculicidas, con línea de dehiscencia formada por macroesclereidas dispuestas longitudinalmente en el fruto, paralelas al haz carpelar dorsal. Se concluye que los diferentes tipos de pericarpio son un rasgo post-fecundación, dado que la estructura del ovario es exactamente la misma en todas las especies analizadas. Se analiza la anatomía del fruto en relación al esquema taxonómico actualizado.The aims of this work were to describe the morphology, anatomy and development of the fruits of 12 species of Piriqueta and 30 species of Turnera; to identify the structures related to the process of dehiscence of the capsule; and to verify the occurrence of standards carpological structure between the studied species. The ovary is 3-carpellar, syncarpous, unilocular with parietal placentation and has the same anatomical structure in all studied species. The outer and inner epidermises are single-layered with stomata; the ovarian mesophyll is composed by

  2. Efecto del extracto lipídico del fruto de la Roystonea regia (D-004) sobre los sitios de implantación en ratas SD administradas durante un ciclo reproductivo completo

    OpenAIRE

    Ariadne Gutiérrez Martínez; Balia Pardo Acosta; Rafael Gámez Menéndez; Gisela Marrero Cofiño; Haydée García Cambián; Dayisell Curveco Sánchez

    2009-01-01

    El D-004 es un extracto lipídico obtenido de los frutos de la palma real (Roystonea regia) (Arecaceae) que consiste en una mezcla reproducible de ácidos grasos. El tratamiento oral con D-004 inhibe significativamente la hiperplasia prostática inducida por testosterona en roedores. Hasta el momento no se habían estudiado los efectos sobre la reproducción en ratas de este producto, por lo que en este trabajo se reportan los efectos sobre la implantación observados en un estudio de toxicología d...

  3. Crescimento de mudas de moringa em função da salinidade da água e da posição das sementes nos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Francisco de Assis de Oliveira

    2013-02-01

    Full Text Available A escolha das sementes é de fundamental importância para a obtenção de mudas de qualidade, principalmente quando são produzidas sob condições ambientais adversas. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a influencia da salinidade sobre o desenvolvimento de mudas de moringa provenientes de sementes localizadas em diferentes posições no fruto. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, com os tratamentos arranjados em esquema fatorial 3 x 4 e quatro repetições. Os tratamentos resultaram da combinação de três posições de sementes no fruto (basal, mediana e apical com quatro níveis de salinidade da água de irrigação (0,5; 2,0; 3,5; e 5,0 dS m-1. Foram avaliadas as seguintes características de crescimento: altura (ALT, diâmetro do caule (DC, diâmetro da raiz principal (DRP, número de folhas (NF, área foliar (AF, massa seca da parte aérea (MSPA, massa seca do sistema radicular (MSR e massa seca total (MST. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias, comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade, para o efeito da posição da semente no fruto; e por análise de regressão, para os dados provenientes da salinidade. Houve interação significativa na maioria das características avaliadas. A salinidade da água de irrigação diminuiu em todas as variáveis. As mudas provenientes de sementes localizadas na porção basal dos frutos foram mais afetadas pela salinidade da água de irrigação.

  4. Tolerância de gemas floríferas, flores e frutos de pessegueiro a temperaturas de ocorrência de geadas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda da Fonseca Borges

    2012-06-01

    Full Text Available Na região produtora de pêssegos do sul do Brasil, não é rara a ocorrência de geadas nos meses de julho, agosto e, em alguns anos, até setembro. Este período coincide com a floração do pessegueiro e com o início do desenvolvimento dos frutos. Com a finalidade de testar possíveis diferenças entre cultivares quanto à tolerância a baixas temperaturas foram conduzidos experimentos, em delineamento inteiramente casualizado, nos anos de 2009 e 2010. Foram testados dois fatores (genótipo e estádio da gema floral, com três repetições e 20 botões forais por parcela. Os genótipos testados foram os cultivares 'Chimarrita', 'Coral' e 'BR-1' e a seleção Cascata 730. Em 2010, foi acrescentado o cv. 'Charme'. Os estádios fenológicos testados foram: o de botão prateado, botão rosado, balão e flor aberta. Ramos destacados dos genótipos a serem testados foram submetidos, por 16 horas, a temperaturas entre -2,2 e -5,5 ºC. Ramos com frutos, antes e após o endurecimento do caroço, foram testados em outro experimento. As diferenças entre genótipos foram pequenas e parecem estar mais ligadas ao pré-condicionamento das gemas. A seleção Cascata 730 mostrou ser das mais sensíveis ao frio. As gemas florais são, geralmente, menos sensíveis a temperaturas negativas (próximas a -3 ºC, nos estádios de botão rosado e balão. Frutos com endocarpo macio são sensíveis a danos de frio, independentemente do genótipo. Temperaturas próximas a 2 ºC negativos não causam problemas em frutos com endocarpo já endurecido.

  5. Influência do substrato, tamanho de sementes e maturação de frutos na formação de mudas de pitangueira

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Eduardo Corrêa Antunes

    2012-12-01

    Full Text Available Os experimentos foram realizados na Embrapa Clima Temperado, e as muda , conduzidas em bandejas de poliestireno expandido, de 72 células, colocadas em casa de vegetação com irrigação manual. O delineamento experimental adotado nos experimentos foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial, utilizando-se de quatro repetições com 12 sementes cada (Experimento 1 e três repetições com 18 sementes cada (Experimento 2. Os tratamentos do Experimento 1 foram o tamanho de semente (média e pequena e o substrato (Plantimax®, vermiculita e fibra de coco. Já no Experimento 2, os tratamentos utilizados foram as seleções de pitangueira (67 e172 e a maturação do fruto (parcial e totalmente maduro. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de emergência, comprimento da parte aérea e da maior raiz (cm, número de folhas por planta, massa da matéria seca da raiz e da parte aérea (g, sementes brocadas, dormentes e não emergidas. As sementes de tamanho médio foram superiores às pequenas em todas as variáveis avaliadas. O substrato Plantimax® proporcionou maior massa da matéria seca total do que a fibra de coco, porém não diferindo da vermiculita. A seleção 172 apresentou maior porcentagem de emergência e menor dormência do que a 67. As sementes oriundas dos frutos totalmente maduros apresentaram maior dormência e menor número de folhas do que as sementes de frutos parcialmente maduros. Conclui-se que a utilização de sementes de tamanho médio e do substrato Plantimax® proporciona melhor desenvolvimento inicial de mudas de pitangueira. O grau de maturação dos frutos afeta o processo de dormência das sementes e o desenvolvimento inicial das mudas de pitangueira.

  6. Efecto de la práctica de embolsado sobre la calidad del fruto en feijoa (Acca sellowiana Berg tander

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fánor Casierra-Posada

    2011-11-01

    Full Text Available El  cultivo de  feijoa  (Acca  sellowiana Berg.  se ha  extendido  durante  los últimos  años  en  el territorio colombiano, debido a que  la  fruta es muy apetecida en el mercado por las excelentes propiedades  organolépticas.  Sin  embargo,  la cal idad  y  sanidad  exigidas  para  la comercialización  se  ven  afectadas  por  varios factores,  entre  los  que  se  encuentra  el  daño causado  por  la mosca de  la  fruta  (Anastrepha spp..  Por  tanto,  la  evaluación  del  efecto  de embolsado sobre la calidad de la fruta de feijoa es un tema de gran interés. Además, esta técnica es comúnmente usada en guayaba que pertenecea la misma familia que la feijoa (Mirtáceae. Para el estudio, se embolsaron flores en el momento de  la caída de pétalos, y cada semana después hasta  cuat ro  semanas.   Los  frutos  que  se embolsaron a la caída de pétalos detuvieron su crecimiento; aquellos embolsados una, dos y tres semanas  después  de  la  caída  de  pétalos  no reportaron diferencias significativas en cuanto los parámetros  evaluados  (peso  fresco,  peso  seco, diámetro transversal y  longitudinal, intensidad de infestación,  sólidos  solubles  totales  y  acidez titulable Los frutos embolsados cuatro semanas después de la caída de pétalos fueron de mayor peso,  tamaño y más dulces con  respecto a  los demás. La efectividad en el control de mosca de la  fruta  fue evidente. El embolsado, además de mejorar la sanidad del fruto,  influyó en su calidad y permitió obtener un producto con características adecuadas para el mercado.

  7. Toxicología aguda en conejos del D-005, extracto lipídico del fruto de Acrocomia Crispa (palma corojo)

    OpenAIRE

    Ariadne Gutiérrez-Martínez; Carlos Nodal-Flores; Isury Bucarano-Lliteras; Regla Placeres-Hernández; Zenaida Tolón-Gato; Edy Goicochea-Carrero

    2016-01-01

    El D-005 es un extracto lipídico del fruto de Acrocomia crispa (palma corojo), palma endémica de la familia Arecaceae, que contiene una mezcla de ácidos grasos, principalmente láurico, oleico, mirístico y palmítico y en menores proporciones esteárico, caprílico, cáprico y palmitoleico. El tratamiento con D-005 por vía oral redujo el agrandamiento prostático inducido por testosterona en ratas. La toxicología preclínica de un nuevo compuesto incluye la evaluación aguda en una especie no roedora...

  8. ASPECTOS MORFOANATÔMICOS DE FRUTOS DE TOMATEIRO CULTIVAR ÂNGELA GIGANTE, SUBMETIDOS A TRATAMENTOS COM REGULADORES VEGETAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA BERNARDETE GONÇALVES MARTINS

    1997-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como finalidade obter dados morfológicos de frutos de tomateiro, Lycopersicon esculentum Mill. `Ângela Gigante', submetidos à ação de reguladores vegetais, em dois ensaios que ocorreram em épocas distintas, em casa de vegetação. As mudas foram selecionadas e transplantadas para vasos com capacidade de 12 L de terra, contendo uma mistura de solo argiloso, areia, matéria orgânica e uma adubação mineral complementar de N, P, K. No segundo ensaio, após o transplante das mudas, além da adubação mineral complementar de N, P, K, efetuaram-se adubações adicionais (fertirrigação. Em ambos os ensaios, quando as plantas atingiram quatro folhas definitivas, realizaram-se as pulverizações com giberelina, GA3 50 mg/L; ácido naftalenacético, NAA 100 mg/L; cloreto (2-cloroetil trimetilamônio, CCC 1.500 mg/L e ácido succínico -2,2 dimetil-hidrazida, SADH 3.000 mg/L. Em relação aos estudos anatômicos, observou-se que os tratamentos com retardadores vegetais (CCC e SADH produziram frutos firmes, com formato tipo barril e ombros salientes; entretanto, em seção transversal, notou-se perda de viscosidade e atrofia de sementes, principalmente nos frutos de plantas tratadas com SADH. Os tratamentos com NAA e GA3 causaram eventual formação de frutos geminados. O tratamento com GA3 apresentou o parênquima do pericarpo com grãos de amido em processo de fragmentação, provavelmente em virtude de o GA3 acelerar a atividade da amilase, afetando o processo de maturação dos frutos e transformando o amido em açúcares. Notaram-se no mesocarpo células com grande quantidade de cristais de oxalato de cálcio sob a forma de areia cristalina. Do tratamento com CCC resultaram frutos suculentos com células da placenta degeneradas, deixando livre grande quantidade de mucilagem. O pericarpo apresentou grande quantidade de grãos de amido composto em toda a extensão, provavelmente por haver um atraso no processo de

  9. PHYSICAL CHARACTERIZATION OF PEQUI FRUITS (Caryocar brasiliense Camb. IN THE GOIÁS STATE CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE FRUTOS DO PEQUIZEIRO (Caryocar brasiliense Camb. NO ESTADO DE GOIÁS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosângela Vera

    2007-09-01

    ão, identificaram-se três sub-populações de pequizeiros, denominadas por áreas. Em cada área, elegeram-se cinco árvores para a coleta dos frutos. Foram analisadas as características físicas: massas do fruto, da casca, do caroço, da polpa e da amêndoa; dimensões do fruto e do caroço, espessura da casca e cor da polpa. Os resultados indicaram que há diferenças nas características físicas estudadas entre os frutos das diferentes regiões. A polpa fresca comestível representa 8,53% da massa dos frutos. As diferenças nas características físicas dos frutos ocorrem, principalmente, em frutos dentro de plantas, em plantas dentro de áreas e entre as regiões estudadas.

    PALAVRAS-CHAVE: Frutos do cerrado; pequi; fruteira nativa.

  10. Efeito alelopático de frutos de umbu (Phytolacca dioica L.) sobre a germinação e crescimento inicial de alface e picão-preto

    OpenAIRE

    Borella,Junior; Pastorini,Lindamir Hernandez

    2010-01-01

    As plantas produzem substâncias por meio do metabolismo secundário. Quando liberadas no meio ambiente são capazes de interferir na germinação e no desenvolvimento de outras plantas. Objetivou-se, nesta pesquisa investigar os efeitos alelopáticos de umbu (Phytolacca dioica L.) sobre a germinação e o crescimento inicial de alface e picão-preto, em laboratório, utilizando-se extratos aquosos de frutos de umbu nas concentrações 0, 1, 2, 4 e 8%; foi realizada análise fitoquímica dos frutos e teste...

  11. Colorimetría del Fruto de Café (Coffea arabica L. Durante su Desarrollo y Maduración Coffee Fruit (Coffea arabica L. Colorimetry During its Development and Maturation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Jaime Carvajal Herrera

    2011-12-01

    Full Text Available Obtener estándares del color del fruto de café durante su desarrollo y maduración es necesario para diferentes procesos relacionados con la cosecha y poscosecha de este producto. Las coordenadas L*, a*, b*, C* y h* en la representación de color CIELab y la reflectancia en el espectro visible (400-700 nm fueron medidas sobre tres diferentes puntos de la epidermis del fruto de Coffea arabica, var. Colombia. La medición se realizó cada siete días, desde 182 hasta 238 días después de la antesis (DDA, utilizando un espectrofotómetro de esfera, con el objetivo de determinar cuantitativamente el color del fruto en diferentes estados de desarrollo. Los resultados obtenidos indican que los frutos de diferentes días de maduración presentan diferencias de color definidas por la luminosidad, las coordenadas cromáticas y la cantidad de luz reflejada por la superficie del epicarpio, dependiendo de la región del espectro visible analizada. A través de las coordenadas cromáticas a* y h* y de varias longitudes de onda luminosa reflejadas se pueden diferenciar frutos de café de 31, 32, 33 y 34 semanas de desarrollo. El croma b* no permite diferenciar los frutos pintones de los maduros. La saturación C* puede discriminar algunos estados de desarrollo pero no permite establecer diferencias entre los estados inmaduros. Las longitudes de onda 520, 570 y 580 nm permiten discriminar significativamente nueve estados diferentes de desarrollo del fruto. El conocimiento de la colorimetría de los frutos de café puede ser usado para el diseño de sistemas de recolección y clasificación poscosecha, y para la adecuada discriminación entre diferentes estados de desarrollo del fruto, los cuales están relacionados con la calidad de la bebida y con la productividad.Obtain coffee fruit color standards during its development and maturation for different processes related to the harvest and postharvest from this product is necessary. The Coordinates L*, a*, b

  12. Caracterização de frutos e sementes em acessos de maracujá silvestre (Passiflora foetida L. Characterization of fruits and seeds of wild passion fruit (Passiflora foetida L..

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.S. Soares

    2011-01-01

    Full Text Available A espécie Passiflora foetida L.é uma trepadeira exótica cujas folhas e frutos possuem propriedades medicinais. No Brasil, a erva é utilizada na forma de extratos ou emplastros para erisipelas e doenças de pele com inflamação. O objetivo deste trabalho foi caracterizar cinco acessos de Passiflora foetida L. baseados em 17 descritores morfológicos O experimento foi conduzido em casa de vegetação em delineamento inteiramente ao acaso, com 15 repetições por genótipo. As variáveis analisadas foram cor da casca do fruto, formato do fruto, comprimento do fruto, diâmetro do fruto, massa fresca do fruto, comprimento do pedicelo, cor da polpa do fruto, espessura da casca, acidez titulável, sólidos solúveis, potencial hidrogeniônico, razão sólidos solúveis/ acidez titulável, comprimento da semente, diâmetro da semente, espessura da semente, massa fresca das sementes e o número de sementes por fruto. Os dados foram submetidos à análise de variância e teste de médias pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Houve diferença significativa pelo teste F a 5% de probabilidade, entre os genótipos para quase todas as características com exceção da espessura da casca, massa fresca do fruto, comprimento da semente e massa fresca das sementes. A característica que apresentou maior variação foi o teor de sólidos solúveis. E entre os genótipos, o acesso 5 foi o que apresentou as maiores médias pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade, em todas as características analisadas, podendo ser utilizado em programas de melhoramento da espécie.The species Passiflora foetida L. é an exotic vine, which leaves and fruit have medicinal properties. In Brazil, the herbis used in the form of extracts or poultices for erysipelas and skin diseases with inflammation. The aim of this study was to characterize five Passiflora foetida L. accessions based on 17 morphological descriptors The experiment was conducted in a greenhouse in a completely

  13. COMPORTAMIENTO DEL FRUTO DE AGRAZ (Vaccinium meridionale Swartz COSECHADO EN DIFERENTES ESTADOS DE MADUREZ Y ALMACENADO EN REFRIGERACIÓN BEHAVIOR OF AGRAZ FRUIT (Vaccinium meridionale Swartz HARVESTED IN DIFFERENT MATURITY STAGES AND STORED UNDER REFRIGERATION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Martha Cecilia Rincón Soledad

    2012-06-01

    Full Text Available Resumen. El agraz o mortiño es un frutal promisorio, considerado como un alimento funcional por su contenido de antocianinas, antioxidantes y vitaminas; no obstante, es un fruto altamente perecedero que pierde rápidamente su calidad comercial y nutricional. El objetivo fue evaluar el comportamiento de frutos de agraz cosechados en tres estados de madurez y almacenados en condiciones de refrigeración. Se utilizó un diseño completamente al azar con arreglo factorial 3x3, donde el primer factor fue la temperatura de almacenamiento: 1, 8 y 20 °C; el segundo factor correspondió al estado de madurez: 3, 4 y 5, el cual se estableció de acuerdo al color de la epidermis del fruto. Se realizaron mediciones de calidad del fruto. Los resultados indicaron que los frutos almacenados a 8 °C en estado de madurez 3 y 4 conservaron las características de calidad comercial hasta los 45 días y para el estado 5 sólo hasta los 25 días. Mientras que a temperatura ambiente los frutos conservaron su vida útil hasta los 21 días en los diferente estados de madurez evaluados. Los frutos del estado 3 y almacenados a 1 °C tuvieron mayor firmeza y acidez total titulable, un alto contenido de sólidos solubles totales y la menor relación de madurez. Para mantener la calidad del fruto de agraz por largo tiempo, se recomienda refrigerar los frutos, en el estado 3 de madurez, a 1 °C.Abstract. The Ericaceae agraz or mortiño is a promising fruit, is considered as a functional food for its high content of anthocyanins, antioxidants and vitamins. It is a highly perishable fruit that quickly loses its commercial and nutritional quality. The objective was to evaluate the behavior of unripe fruits harvested at three maturity stages and stored under refrigeration. It was used a completely randomized design with 3x3 factorial arrangement, where the first factor was the storage temperature: 1, 8 and 20 °C; the second factor corresponded to maturity: 3, 4 and 5, which

  14. Control de dos especies de Colletotrichum causantes de antracnosis en frutos de papaya Maradol Control of two species of Colletotrichum causing anthracnose in Maradol papaya fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Felipe Santamaría Basulto

    2011-10-01

    Full Text Available La antracnosis es una limitante de la vida útil de los frutos de papaya, es causada principalmente por Colletotrichum gloeosporioides, aunque es posible encontrar otras especies de Colletotrichum causando enfermedades en un mismo cultivo. Para el control de la antracnosis en Yucatán se recomiendan varios fungicidas, pero no todos están permitidos por la agencia de protección al ambiente (EPA de los Estados Unidos de América, principal país al cual se exporta la papaya yucateca. El presente estudio tuvo como objetivos identificar el agente causal de la antracnosis de papaya en Yucatán, evaluar el efecto de fungicidas que cuentan con registro de EPA sobre las especies que causan antracnosis y explorar el efecto de inductores a resistencia en el control de esta enfermedad. Durante marzo y mayo de 2006 se obtuvieron nueve aislamientos de Colletotrichum en frutos de tres regiones productoras de Yucatán, los cuales se identificaron mediante claves taxonómicas. La evaluación de los productos se hizo mediante bioensayos de sensibilidad in vitro y la efectividad en frutos inoculados, posteriormente en agosto de 2007, noviembre de 2007 y febrero de 2008, se evaluó el efecto de la aplicación poscosecha de los fungicidas e inductores de resistencia sobre la antracnosis en frutos infectados naturalmente desde campo. En las tres localidades se encontraron dos especies que causan antracnosis identificadas como C. gloeosporioides y C. dematium. En condiciones in vitro el desarrollo de C. gloeosporioides fue inhibido por prochloraz, ferbam, azoxystrobin, tryfloxystrobin y clorotalonil; el desarrollo de C. dematium fue inhibido sólo por prochloraz, ferbam y clorotalonil. En frutos inoculados prochloraz tuvo 100% de efectividad para las dos especies, mientras que azoxystrobin tuvo 87.5% de efectividad para C. gloeosporioides y 3.3% para C. dematium.Anthracnose is a limitation of papaya fruits' life, mainly caused by Colletotrichum gloeosporioides

  15. Repetibilidade de características do fruto de aceroleira Repeatability of fruits traits of acerola tree

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo Lopes

    2001-03-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo estimar os coeficientes de repetibilidade da altura média de fruto (AF, diâmetro médio de fruto (DF, peso médio de fruto (PF, relação peso da polpa/peso do fruto (RPF, acidez titulável (AT, sólidos solúveis totais (SST e vitamina C (VitC, e determinar o número de medidas que devem ser feitas para uma predição acurada do valor real dos indivíduos. Foram utilizados os métodos análise de variância, componentes principais e análise estrutural. As estimativas do coeficiente de repetibilidade das características AF, DF, PF, VitC e AT por ambos os métodos utilizados, demonstraram que coeficientes de determinação (R² acima de 90% são obtidos a partir de duas medições. Quanto à característica SST, são necessárias, em média, oito medições para alcançar um R² acima de 90%, e, quanto à característica RPF, no mínimo 26 medições para obter um R² superior a 90% o que demonstra não ser viável o aumento do número de medições para alcançar níveis de precisão superiores, e que é necessário buscar um método de determinação da característica que seja mais estável e preciso.The objective of this paper was to estimate the repeatability coefficient (RC of the fruit traits such as height (FH, diameter (FD, weight (FW, C vitamin (VitC, total soluble solids (TSS, pulp weight/fruit weight relation (PFR and the titrable acidity (TA, while the number of measures that should be performed for an efficient selection of the genotypes under evaluation were determined. Analysis were made using the ANOVA, principal components and structural analysis methodology. The estimates of the RC for FH, FD, FW, VitC and TA demonstrated high regularity at the superiority of the individuals from one cycle to another, so the evaluation of two cycles was enough to predict the individuals real value with R² above 90%. To TSS, in average, eight evaluation cycles were necessary to reach a R² above 90%. PFR

  16. Efecto de la osmodeshidratación y secado en la retención de carotenos en fruto de zapallo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sanín Ortiz G.

    2008-12-01

    Full Text Available El fruto de zapallo aporta provitamina A en forma de a-caroteno, b-caroteno y luteína que se pueden degradar al deshidratarlo para estabilizar la materia seca. El objetivo de la investigación fue analizar la retención de carotenos en respuesta al proceso de acondicionado por osmodeshidratación (DO con melaza pura y secado con aire caliente (AC sin exposición al sol Vs. secado a exposición parcial al sol (S. El mejor rendimiento de materia seca estable correspondió a AC con protección de eritorbato de sodio (ES y sin él en solución al 5% con 8.5 y 14 horas de permanencia en el proceso y rendimiento másico entre 99.45% y 98.5% respectivamente, que correspondió a los siguientes modelos de pérdida de sólido húmedo:Y = 454.66935e -0.2648339x r=0.965 y Y = 463.07976e-0.16167667x (r=0.978 respectivamente. El caroteno total en fruto fresco osciló entre 1114.9 y 1365.8 mg. g-1, y 222.2, 60.2 y 158.5 de a-caroteno, b-caroteno y luteína respectivamente El proceso de acondicionado de fruto de zapallo hasta materia seca estable con 12% de humedad, requiere secado con aire caliente (55°C durante nueve horas con flujo de aire de 10 m.s-1 en ausencia de brillo solar, para retener hasta 45% de carotenos totales y lograr materia prima idónea hasta con 66.8, 33.5 y 44.7 mg. g-1 de a-caroteno, b-caroteno y luteína respectivamente.

  17. Frutos do umbuzeiro armazenados sob atmosfera modificada e ambiente em diferentes estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiano Tavares de Moura

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi avaliar a qualidade de frutos do umbuzeiro em três estádios de maturação e armazenados sob atmosferas modificada (AM e em condição ambiente (AA. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3x6, sendo duas atmosferas de armazenamento (AA e AM, três estádios de maturação: 'verde', 'verde-maduro' e 'maduro', e seis períodos de armazenamento a 23 ± 1 ºC e 83 ± 2% UR. As avaliações realizadas foram sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT, perda de massa, coloração da casca e aparência geral. Os SS de umbus mantidos sob AA foram mais elevados que os sob AM, sendo os menores teores os de frutos do estádio verde. A vida útil de umbu colhido maduro e mantido sob AA foi limitada a três dias, devido à excessiva perda de massa. O emprego da AM foi o fator determinante na manutenção da qualidade do umbu armazenado sob a condição ambiente por reduzir a perda de massa, manter a aparência atrativa, permitir a evolução da coloração para a amarela mais intensa, proporcionando um incremento na vida útil aos frutos colhidos verde e 'verde-maduro' em dois e um dia, respectivamente.

  18. Caracterização dos frutos e germinação de sementes dos porta-enxertos trifoliata Flying Dragon e citrumelo Swingle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Filipe Almendagna Rodrigues

    2010-12-01

    Full Text Available Objetivou-se realizar a caracterização fitotécnica dos frutos e avaliar o efeito da remoção do tegumento da semente e do uso do GA3 e do bioestimulante (Stimulate® sobre a germinação de sementes dos porta-enxertos de citros Flying Dragon e citrumelo Swingle. A caracterização fitotécnica compreendeu a massa do fruto, o diâmetro transversal e longitudinal e a espessura da "casca" e a contagem de sementes viáveis e inviáveis por fruto. Realizou-se um experimento para cada porta-enxerto, em casa de vegetação sob nebulização intermitente, e as avaliações foram a cada 3 dias, após o início do processo germinativo, verificando-se porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação. A utilização do GA3 e a retirada do tegumento em sementes do porta-enxerto Flying Dragon aumentam a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação, e para o porta-enxerto citrumelo Swingle, a retirada do tegumento das sementes aumenta a porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação.

  19. Efecto del extracto del fruto de Physalis peruviana "tomatillo" en Mus musculus var. swis con hiperlipidemia inducida.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julio Campos Florián

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de la presente i nvestigación fue determinar la actividad hipolipidémica del fruto de Physalis peruviana “tomatillo” en un modelo de hiperlipidemia aguda inducida con tritón. Se utilizaron Mus musculus var. swis machos como animales de experimentación. Se trabajó con cuatro grupos de ratones, el grupo blanco recibió agua destilada por vía oral y solución salina fisiológica por vía intraperitoneal, el grupo control recibió agua destilada por vía oral y tritón por vía intraperitoneal, el grupo problema 1 recibió por vía oral 0.05g/100g del extracto de Physalis peruviana y tritón por vía intraperitoneal y el grupo problema 2 recibió por vía oral 0.2g/100g del extracto de Physalis peruviana y tritón por vía intraperitoneal. Luego de 24 horas de administrar los tratamientos se re alizaron las mediciones en suero de las concentraciones de colesterol y triglicéridos. Los niveles promedio de colesterol (mg/dL fueron: 58.87±11.54 (blanco, 121.71±15.00 (control, 58.08±9. 21 (problema 1 y 66.78±16.77 (problema 2. Los niveles promedio de triglicéridos (g/L fueron: 0.48±0.07 (blanco, 1.84±0.18 (control, 0.34±0.10 (problema 1 y 0.94±0.25 (problema 2. Se encontró reducciones significativas (p<0.000, tanto de las concentraciones de colesterol como de triglicéridos en relación a las o btenidas en el grupo tratado sólo con tritón.

  20. Preparo de amostras e métodos para a determinação do teor de óleo essencial de frutos de limoeiro Samples preparation form and methods of analysis for determination of essential oil content on lemon fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hélio Grassi Filho

    2005-04-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar alternativas de preparo da amostra e os métodos quantitativos para a determinação do teor de óleo em frutos de limão. Os tratamentos foram avaliados por meio do delineamento estatístico inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2x6, com quatro repetições, sendo duas variedades-copa de limoeiro verdadeiro ('Siciliano' e 'Eureka', dois métodos analíticos para a determinação do teor de óleo (Scott e Clevenger e seis formas de preparo dos frutos para análise (análise do fruto inteiro; frutos cortados na longitudinal e análise de ¼; frutos cortados na longitudinal e análise de ¹/2; frutos cortados ao meio e análise da parte superior; frutos cortados ao meio e análise da parte inferior; e análise de ²/8 do fruto. O método denominado de Clevenger foi o mais eficiente na determinação do teor de óleo essencial, e as formas de preparo de amostras ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal e ½ longitudinal dos frutos proporcionaram valores superiores de óleo essencial.The aim of this research was to evaluate the samples preparation form and methods of analysis to determinate the essential oil content in 'Siciliano' and 'Eureka' lemon fruits. The better sample form was determinated using the fresh and mature fruit, as following: analysis of full fruits, fruits cut in longitudinal way and analysis of ¹/4 of this one, fruits cut in longitudinal way and analysis of the half, fruits cut in the middle and superior part analysis, fruits cut in the middle and inferior part analysis and ²/8 of fruits analysis. The treatments were evaluated by a completely randomized experimental design, in a factorial scheme 2x2x6, with four replications. It was concluded that the Clevenger method was more efficient on the determination of the oil content, and the fruits cut in the ½ inferior, ½ superior, ¼ longitudinal and ½ longitudinal way provided superior values of essential oil content.

  1. por aplicación de 6-bencilaminopurina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aaran A. Morales P.

    2015-01-01

    Full Text Available La chirimoya (Annona cherimola Mill. es climatérica, su vida poscosecha se acorta por el bronceado de cáscara y ablandamiento del fruto. El objetivo de esta investigación fue evaluar el efecto poscosecha de la aplicación de 6-bencilaminopurina (BAP en chirimoya ‘Fino de Jete’. Los frutos se seleccionaron aleatoriamente de la parte media y basal de la copa de seis árboles y se les aplicó 1,0 mM o 0 mM BAP. Los frutos permanecieron en el árbol 8 y 15 días después de la aplicación; después de la cosecha se transportaron por 1,5 h y se almacenaron en refrigeración (TR (6 °C o temperatura ambiente (TA (16 ± 2 °C. A partir de 1 y hasta 15 días después de cosecha (DDC, cada tercer día se analizó pérdida de peso, color L*, a* y b*, firmeza y deformación de fruto. Después de 15 días de almacenamiento a TA, 1 mM BAP aplicado en cualquier fecha redujo el oscurecimiento poscosecha de la cáscara, conservando el color L* más de 35% en relación al control (ρ ≤ 0,05.

  2. Seleção de progênies de maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa quanto à qualidade de frutos Selection of progenies of yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa to fruit quality

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walnice Maria Oliveira do Nascimento

    2003-04-01

    Full Text Available Para garantir a sustentabilidade da cultura do maracujazeiro, na Amazônia, é imprescindível realizar pesquisas que busquem o desenvolvimento de cultivares tolerantes às principais doenças e que apresentem frutos com boas características agroindustriais. Este trabalho teve por objetivo avaliar frutos de progênies de maracujazeiro-amarelo, CPATU-casca-fina (CCF, através de características físicas e físico-químicas, buscando obtenção de plantas com características desejáveis para indústria de suco concentrado e fruto in natura. O estudo foi conduzido em 20 progênies de polinização livre oriundas de uma população formada pela mistura de sementes de plantas selecionadas no segundo ciclo de seleção massal. Colheram-se dez frutos por planta para serem analisados, com base nas seguintes características: peso médio dos frutos; comprimento do fruto; espessura de casca; rendimento de suco; número de sementes por fruto; teor de sólidos solúveis totais (SST; acidez total titulável (ATT; pH e relação STT/ATT. Os dados obtidos foram analisados através de estatística simples, envolvendo média, desvio-padrão e coeficiente de variação. As progênies CPATU-casca-fina apresentaram variação para a maioria das características. Os frutos das progênies CCF-001, CCF-074, CCF-212, CCF-395 e CCF-430 apresentam características desejáveis para o mercado in natura, enquanto os das progênies CCF-192, CCF-281, CCF-391 e CCF-505 têm características importantes para a indústria de suco concentrado.To sustain yellow passion fruit cultivation in Amazon it is important to carry out researches activities that aim the development of cultivars tolerant to the major diseases and that produce fruits with good agroindustrials characteristics. The objective of this work was to evaluate passion fruit plant progenies CPATU fine-sheel (CCF through physical and physical-chemistries characteristics of the fruits, aiming obtaining of plants with

  3. Produção e características físicas de sementes de mamoneira em função da posição do racemo e do fruto = Production and physical characteristics of castor bean seeds affected by raceme and fruit position

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla Gomes Machado

    2009-04-01

    Full Text Available Para avaliar a produção e características físicas de sementes de mamoneira, em função da posição do racemo e do fruto, foi conduzido um trabalho, em condições de campo, em Nitossolo Vermelho Estruturado, no município de Botucatu, Estado de São Paulo. Utilizou-se a cultivar AL Guarany 2002, a qual teve seus três primeiros racemos colhidos e subdividos em três terços, os quais constituíram os tratamentos. Para avaliação das características físicas dos racemos e frutos, foi determinado o comprimento dosracemos, o número de frutos por racemo, a dimensão dos frutos, o peso dos frutos e o número de sementes por fruto. Para avaliação das características físicas das sementes, foi determinado o teor de água, o tamanho e a massa de 1.000, além de avaliação da produçãode sementes. Constatou-se que os tratamentos avaliados exerceram influência sobre as características físicas dos racemos, frutos e sementes e a produção de sementes de mamona; o número de frutos e a produção de sementes diretamente proporcionais foram menores deacordo com a formação dos racemos.With the objective of evaluating production and physical characteristics of castor bean seeds affected by raceme and fruit position, a study was carried out under field conditions, in a Red Nitosol (Afisol, in Botucatu, São Paulo State. The cultivar AL Guarany 2002 was used. Its three first racemes were harvested and divided into three parts, which consisted of the treatments. Raceme length, number of leaves per raceme, fruit dimensions, fruit weight and number of seeds per fruit were determined to evaluate physical characteristics of the racemes and fruits; seed moisture content, size and weight of thousand seeds and seed production were determined to evaluate physical characteristics of the seeds. The treatments influenced physical characteristics of the racemes, fruits and seeds, besides the production of castor bean seeds; the number of fruitsand the seed

  4. PRODUÇÃO DE FRUTOS DE ABÓBORA HÍBRIDA PELA APLICAÇÃO DE 2,4-D NAS FLORES HYBRID SQUASH FRUIT PRODUCTION WITH THE APPLICATION OF 2.4-D ON THE FLOWERS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antônio Pasqualetto

    2007-09-01

    Full Text Available

    Para contornar as falhas no processo de polinização da abóbora híbrida “Tetsukabuto” e assegurar o perfeito desenvolvimento dos frutos, pode ser adotado o uso de substâncias químicas que estimulam a partenocarpia. Objetivou-se portanto avaliar seu desempenho em função de doses crescentes de Ácido 2,4 Diclorofenoxacético (0, 50, 100, 150 e 200mg/L de 2,4-D aplicadas nas flores femininas. Os resultados demonstraram que a dose de 150 mg/L de 2,4-D tendeu a elevar o número de frutos por planta e o peso médio dos frutos por planta. Todavia, a significância somente foi demonstrada para peso total de frutos por planta, com acréscimo na produção na ordem de 68,10% em comparação com a testemunha.

    PALAVRAS-CHAVE: 2,4-D; abóbora híbrida; frutos.

    For turn round the imperfect in the squash hybrid pollination process “Tetsukabuto” and to assure the fruits perfect development, it can be adopted the chemical substances use that stimulate parthenocarpy. It objectified therefore evaluate your performance in increasing doses function of 2.4–D (0, 50, 100, 150 and 200 mg/L de 2.4-D applied in the feminine flowers. The results demonstrated that the dose of 150 mg/L of 2.4-D tended to elevate the fruits number for plant and the middleweight of the fruits for plant, however, significative only was going demonstrated for fruits total weight for plant, with increase in the production in the order of 68.10% when compared the control.

    KEY-WORDS: 2,4-D; hybrid squash; fruits.

  5. Correlações entre viabilidade de pólen e características de frutos em mutantes de laranjeira 'Pêra' Correlations between pollen grain viability and fruit characteristics in 'Pêra' sweet orange mutants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Rocha Latado

    2004-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar, durante dois anos, a viabilidade de grãos de pólen e as correlações entre essa viabilidade e as características de frutos de plantas mutantes de laranjeira 'Pêra'. As plantas mutantes foram obtidas a partir de tratamento de borbulhas com raios-gama e selecionadas após três propagações vegetativas. A viabilidade dos grãos de pólen foi avaliada pelo método de coloração com carmin acético. Não houve diferenças entre anos na viabilidade de grãos de pólen e no número de sementes por fruto, indicando que estes caracteres não foram afetados pelas alterações ambientais anuais. Correlações positivas e significativas foram observadas entre a viabilidade média dos grãos de pólen e o número médio de sementes por fruto e, também, com o teor de sólidos solúveis totais do suco dos frutos. Uma das razões para a existência de mutantes com menor número de sementes por fruto é a baixa porcentagem de grãos de pólen viáveis.The objective of this work was to evaluate the pollen grain viability of 'Pêra' sweet orange mutant plants and to estimate its correlation with fruit characteristics. Mutant plants were obtained from shoot treatment with gamma-rays and selected after three vegetative propagations. Pollen grain viability was evaluated using carmine-acetic staining method. No difference was found between years for pollen grain viability and for number of seeds per fruit, indicating that these characters were not affected by the yearly environmental alterations. Positive correlations were found between pollen grain viability and mean number of seeds per fruit, and with the total soluble solid content in juice. Therefore, one of the reasons for the smaller number of seeds per fruit in these mutants is the low percentage of viable pollen grain.

  6. ATRIBUTOS FÍSICO-QUÍMICOS E ACEITABILIDADE DOS FRUTOS DE FIGUEIRAS CULTIVADAS NA ESPANHA

    OpenAIRE

    Manoel Euzébio de Souza; Monia Jenmi; Pablo Melgarejo; Sarita Leonel; Mariano Otón; Francisco Artés

    2014-01-01

    O objetivo deste trabalho foi analisar as características físico-químicas e sensoriais dos frutos de quatro variedades de figueira (Colar, San Antonio, Cuello de Dama Negro e Tiberio) cultivadas no sudeste da Espanha. Para este estudo foram utilizados figos oriundos de uma área experimental da Escola Politécnica Superior de Orihuela da Universidade Miguel Hernández de Elche/Espanha. Os frutos foram avaliados no Laboratório de Pós-Colheita da Universidade Politécnica de Cartagena/Espanha. Fora...

  7. Harina de Marolo (fruto brasileño) como ingrediente saludable para formular barritas de cereales

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Actualmente la preservación de la biodiversidad en sistemas agrícolas es uno de los objetivos prioritarios de ERA (European Research Area), enfocada en la protección del medio-ambiente y en la sostenibilidad de Europa, además de en la bio-economía global. El objetivo de este proyecto de cooperación ha sido caracterizar un cultivo de frutos autóctono de Brasil, y explorar su posible utilización como ingrediente en barritas de cereales. El fruto en cuestión es el marolo, que se cultiva en el su...

  8. Desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo Development of tamarind fruits and seeds

    OpenAIRE

    Kátia Cristina de Oliveira Gurjão; Riselane de Lucena Alcântara Bruno; Francisco de Assis Cardoso Almeida; Walter Esfrain Pereira; Genildo Bandeira Bruno

    2006-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar as mudanças físicas e fisiológicas ocorridas durante o desenvolvimento de frutos e sementes de tamarindo. Foram selecionadas árvores de um pomar localizado na Escola Agrotécnica Federal de Sousa-PB, com 50% das inflorescências em antese, cujos ramos, contendo flores abertas, foram marcados, e as colheitas realizadas aos 20; 40; 70; 100; 130; 160; 190; 220; 250; 270 e 280 dias após a antese. A cada colheita, os frutos e as sementes foram submetidos às segu...

  9. Frutos y semillas medicinales vendidas en plazas de mercado de Bogotá, Colombia

    OpenAIRE

    Valderrama-Rincón Natalia María

    2005-01-01

    Se realizó el inventario de los frutos y semillas mediante encuestas semiestructuradas a cerca del uso medicinal y la caracterización de los vendedores, en siete plazas de mercado de Bogotá. Se emplearon técnicas etnobotánicas cuantitativas para determinar la validación social de la información. Se registraron 54 posibles especies pertenecientes a 29 familias y 45 géneros; además, fueron recopilados 80 nombres comunes. Se registraron 33 especies en fruto, 20 en semillas y solo una especie fue...

  10. Marketing de banana: preferências do consumidor quanto aos atributos de qualidade dos frutos Marketing of banana: consumer preferences relating to fruit quality attributes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando César Akira Urbano Matsuura

    2004-04-01

    Full Text Available O Brasil produz aproximadamente seis milhões de toneladas por ano de banana (Musa spp., com consumo médio da ordem de 35 kg/ habitante / ano. A aceitação da banana deve-se, principalmente, a seus aspectos sensoriais, valor nutricional e conveniência. A identificação das necessidades e desejos dos clientes consiste em uma atividade crítica do marketing. O objetivo deste trabalho foi o de pesquisar as preferências do consumidor de um mercado local (município de Cruz das Almas - Estado da Bahia considerando os atributos de qualidade dos frutos frescos de banana madura. A metodologia utilizada foi a da pesquisa descritiva por método estatístico. Os dados foram coletados por questionário, na forma de entrevista pessoal com 400 pessoas. Os atributos de qualidade (variáveis questionados e avaliados foram relacionados com a aparência, cor, textura, aroma, sabor e vida útil esperada dos frutos de banana. De acordo com a preferência dos consumidores entrevistados, o fruto de banana maduro ideal deve apresentar características como: penca contendo 10 a 12 dedos (frutos, dedos de tamanho médio ou grande, diâmetro médio, quina presente, ausência de pintas pretas na casca, cor da polpa amarelo-clara ou média, textura firme, aroma e sabor de intensidade média, mediamente doce e vida útil de 7 a 10 dias em condição ambiente. O sabor, vida útil e aparência dos frutos de banana são considerados os mais importantes atributos na escolha ou compra da banana, segundo os consumidores entrevistados.Brazil has an approximate production of six million annual tons of banana (Musa spp., with a consumption close to 35 kg / inhabitant / year. The acceptance of the banana fruit is due, mainly, to its sensorial aspects, nutritional value and convenience. The identification of the customers' needs and desires consists of a critical activity of the marketing. The objective of this work was to research the consumer preferences of a local market (Cruz

  11. Seleção recorrente para produtividade e qualidade de frutos em abobrinha braquítica Recurrent selection for fruit yield and quality in braquitic squash

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ismael Inácio Cardoso

    2007-06-01

    Full Text Available Considerando-se que abobrinha (Cucurbita moschata geralmente não apresenta perda de vigor pela endogamia, a seleção recorrente pode ser um método adequado para o melhoramento desta espécie. O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência da seleção recorrente em abobrinha, cultivar Piramoita, visando aumento de produtividade e melhoria da qualidade de frutos. Foram realizados três ciclos de seleção recorrente a partir da cultivar Piramoita (população P0, com avaliação e seleção de progênies S1. Em todos os ciclos de seleção, os experimentos foram conduzidos em blocos ao acaso, com parcelas de cinco plantas, tendo a cultivar Piramoita como testemunha. O espaçamento foi de 2,0 x 1,0 m. Após cada ciclo de seleção, as sementes remanescentes das progênies selecionadas foram empregadas no ciclo seguinte de recombinação, cada progênie contribuindo em média com dez plantas tomadas ao acaso. As quatro populações (P0, PI, PII e PIII foram avaliadas em blocos ao acaso, com oito repetições de cinco plantas por parcela. Foram avaliados número e massa total e comercial (retos, com pescoço comprido e sem defeitos aparentes de frutos imaturos por planta e a proporção de frutos comerciais. Foram realizadas as análises de variância e regressão. Foram observados aumentos de produção lineares significativos ao longo dos ciclos de seleção. Na população PIII, os números de frutos total (17 e comercial (11 por planta, assim como a massa total (3,7 e comercial (2,6 kg planta-1, superaram a população inicial em 32, 63, 24 e 57%, respectivamente. Essas diferenças correspondem a um aumento superior a 11 t ha-1 ou mais de 36.000 frutos ha-1 em apenas três ciclos de seleção recorrente.Since squash (Cucurbita moschata usually does not have inbreeding depression, recurrent selection may be an adequate method for squash breeding. In this study the recurrent selection efficiency was evaluated in squash, cultivar Piramoita

  12. Caracterização e qualidade de frutos de umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin provenientes do Recôncavo Sul da Bahia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Márcio Barros dos Santos

    2010-12-01

    Full Text Available O Recôncavo Sul da Bahia apresenta uma significativa riqueza de fruteiras nativas com grande potencial alimentício. Além de indicativos etnológicos sobre seus usos como alimento, pouco se conhece sobre elas, principalmente sobre sua composição bromatológica. A exemplos destas fruteiras, encontram-se os frutos do umbu-cajá (Spondias tuberosa X S. mombin que são amplamente consumidos in natura ou na forma de produtos processados em quase todo o Brasil. Devido à crescente aceitação de seus produtos e à incessante busca por novos sabores, as agroindústrias vêm despertando o interesse tanto para o mercado interno quanto para exportações. Entretanto, apesar do forte interesse comercial, poucos estudos foram efetuados na busca de respostas sobre a sua composição. Nesse sentido, este trabalho teve o objetivo de efetuar a caracterização física, físico-química e mineralógica dos frutos de umbu-cajá cultivados nas condições climáticas do Recôncavo Sul da Bahia. Foram realizadas análises de peso do fruto e da casca; tamanho e diâmetro; percentagem de casca, semente e polpa; pH; sólidos solúveis totais; acidez titulável; relação sólido solúveis/acidez (Ratio; índice tecnológico; açúcares (redutores, não redutores e totais; vitamina C; proteína; umidade; lipídios; fibra bruta; amido; e minerais (fósforo, ferro, cálcio, sódio e potássio. Os frutos apresentaram tamanho grande (23,18g com rendimento considerável de polpa (69,70 % e razoáveis valores de açucares (7,49 %, acidez (1,32 %, fibras (1,36 %, vitamina C (8 mg /100g e minerais ( Na-40 mg /100g; K-44mg /100g; P-17,76mg /100g; Fé-0,59mg /100g; e Ca-12,25mg /100g, demonstrando ser uma alternativa para o mercado de frutas in natura, bem como para a agroindústria na região.

  13. Contenido de aceite en frutos de selecciones de aguacate (Persea americana criollo de clima tropical y subtropical de Nayarit, México

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raúl Medina Torres

    2017-07-01

    Full Text Available El trabajo se desarrolló sobre 65 selecciones de aguacate criollo de las zonas tropical y subtropical de Nayarit, con el objetivo de calificar el contenido de aceite y relacionarlo con el porcentaje de materia seca y del color de la pulpa del fruto, y de ubicar e identificar selecciones de interés comercial. Se usó análisis estadístico multivariado de componentes principales para el procesamiento de datos. Dos componentes principales explicaron el 63,93 % de la varianza total. En el componente principal 1 resultaron relevantes porcentaje de aceite y materia seca de la pulpa; y en el componente principal 2 las variables de color de la pulpa en madurez de consumo. Cuatro grupos de selecciones fueron identificadas por los promedios de los vectores característicos de los componentes 1 y 2. Se encontró alta correspondencia entre el contenido de aceite y materia seca en la pulpa (R2 = 0,9387 de los aguacates. El color de la pulpa del fruto no resultó un parámetro que se relacione con el contenido de aceite de la pulpa de aguacate. El contenido de materia seca puede constituir un parámetro fácil y útil para determinar con aproximación el contenido de aceite. En general, los aguacates de clima subtropical mostraron mayor contenido de aceite que los de origen tropical.

  14. AVALIAÇÕES FÍSICO-QUÍMICAS EM FRUTOS DE DIFERENTES GENÓTIPOS DE ACEROLA (MALPIGHIA PUNICIFOLIA L.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MATSUURA FERNANDO CÉSAR AKIRA URBANO

    2001-01-01

    Full Text Available O presente trabalho teve como objetivo avaliar quanto às características químicas e físico-químicas frutos de 12 genótipos de acerola (Malpighia punicifolia L., em processo de seleção pela Embrapa Mandioca e Fruticultura, visando a identificar aqueles com altos teores de vitamina C e elevada relação Brix/acidez. Os frutos analisados foram colhidos no estágio de maturação "de vez", na safra de setembro a outubro dos anos de 1997 e 1998. Os resultados obtidos para vitamina C variaram de 835 a 1820 mg de ácido ascórbico por 100 g de polpa, para sólidos solúveis totais de 6,0 a 11,6%, para acidez total titulável de 0,69 a 1,65%, para relação Brix/acidez de 4,24 a 11,59 e para pH de 3,08 a 3,57. Dentre os genótipos analisados, o CMF022 e o CMF019 apresentaram os maiores teores de vitamina C e os menores valores para a relação Brix/acidez, enquanto os genótipos CMF015, CMF008 e CMF010 apresentaram a maior relação Brix/acidez, nos dois anos do experimento.

  15. La calidad de frutos y productos agroalimenticios como exigencia del derecho agrario de fines del siglo XX

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María Adriana Victoria

    2015-01-01

    Full Text Available Contenido: Sujetos protagonistas. Del empresario agroalimentario al consumidor. Del empresario individual a la integración horizontal y vertical. De la intervención del Estado a la terciarización de servicios. De la participación individual a la participación ciudadana. Objetos y propiedades. De los frutos y productos a granel a la identificación de los frutos agroalimenticios. De los frutos y productos, agroalimenticios in natura a los transformados y comercializados. De los productos fitosanitarios, y veterinarios a la salubridad de los frutos y productos agroalimenticios. De los frutos y productos agroalimenticios como objeto a las propiedades de los mismos. De la adjetivación calidad a la sustantividad.De los roles de la calidad. Conclusiones

  16. Characterization of rambutan (Nephelium lappaceum fruits from outstanding mexican selections Caracterização de frutos rambutan (Nephelium lappaceum de notáveis seleções mexicanas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marian Guadalupe Hernández Arenas

    2010-12-01

    colheita, avaliaram-se a forma (largura/diâmetro, firmeza, peso do fruto, número de frutos por quilograma, peso e porcentagem do pericarpo, semente e arilo, sólidos solúveis totais, açúcares totais, conteúdo de vitamina C, pH, acidez titulável e foi feita uma avaliação sensorial com 31 provadores, qualificando a cor, forma, doçura e acidez de cada amostra. Os frutos das cinco seleções tiveram forma alargada ou oval, com valores de firmeza de 43,7 a 51,0 N, o peso de cada fruto oscilou entre 22,4 a 34,7g, registrando de 28,9 a 45,0 frutos por quilograma, com um peso de pericarpo de 10,5 a 17,5 g, que correspondeu de 45,9 a 49,9% do peso do fruto. O peso da semente foi de 2,2 a 2,5g (7,0 a 10,0%, o peso médio do arilo foi de 8,9 a 13,1g, equivalentes a 37,5 41,4%. Os frutos apresentaram alto conteúdo de sólidos solúveis totais (17,8 a 20,7 ºBrix, açúcares totais (400 a 465,7 mg/100g, vitamina C (37,9 a 69,1 mg/100g de porção comestível, baixo pH (5,0 e elevada acidez titulável (0,7 a 0,8%. Os frutos das amostras RT-01 e RT-05 apresentaram melhores atributos quanto a peso do fruto, sólidos solúveis totais e acidez titulável, características desejáveis para exportação, além de ser de melhor aceitação pelos provadores. A data da colheita influenciou significativamente na qualidade dos frutos, e na metade e ao final da temporada da colheita houve frutos de maior peso, porcentagem de arilo, sólidos solúveis totais, vitamina C, menor pH e acidez titulável.

  17. Injúria pelo frio em frutos de mamoeiro (Carica papaya L. cv 'Golden' Chilling injury in papaya fruits (Carica papaya L. cv 'Golden'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Robson Ferreira de Almeida

    2005-04-01

    Full Text Available Os sintomas da injúria pelo frio em frutos de mamoeiro cv 'Golden' foram investigados neste trabalho.Os frutos apresentando de 10% a 15% de coloração amarela na casca, foram classificados na linha de operação de embalagem da Caliman Agrícola S.A (Linhares-ES e após receberam tratamentos térmicos e químicos. Os frutos foram embalados com filmes plásticos e estocados a 6ºC e 13ºC (85-95% UR em uma incubadora (BOD por 30 dias. Em intervalos de tempo definidos, seis frutos foram analisados quanto à firmeza, mudança de cor e aparência. A firmeza foi analisada tanto na região mais externa quanto na região mais interna do mesocarpo. De acordo com os resultados encontrados, os frutos estocados a 6ºC apresentaram os sintomas de escurecimento da casca entre o sexto e o décimo segundo dia de estocagem e também não perderam a cor verde após trinta dias de estocagem, conforme identificado pelos parâmetros de Hunter L (luminosidade, Hunter a (degradação da clorofila e Hunter b (amarelecimento. A firmeza foi drasticamente reduzida nos seis primeiros dias de estocagem nas duas temperaturas. Contudo, ela permaneceu mais elevada na parte externa do mesocarpo durante todo o período de estocagem à 13ºC. Os frutos estocados à 6ºC mostraram um aumento na firmeza, nas duas partes do mesocarpo, entre o sexto e o décimo oitavo dia de armazenamento devido à incidência da injúria pelo frio.The symptoms of chilling injury in papaya fruit cv -Golden' were investigated in this work. Fruits presenting 10% to 15% of fruit skin yellowing were sorted in the packaging line of the Caliman Agrícola S.A (Linhares-ES, after received chemical and heat treatments. The fruits were wrapped in a plastic film and stored at temperatures of 6ºC and 13ºC (85-95% RH in an incubator (BOD for 30 days. At defined time intervals, six fruits were evaluated regarding to firmness, appearance and color change. The fruit firmness was evaluated as in the outer as in

  18. Correlação entre variáveis de crescimento do fruto da mangueira 'Tommy Atkins' Relationship of fruit growth variables of 'tommy atkins' mango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Lígia Dantas de Morais

    2004-08-01

    Full Text Available Estudos sobre o fruto da mangueira geralmente são realizados por métodos destrutivos, os quais modificam o sistema fisiológico que alimenta os frutos remanescentes, em decorrência de alterações na relação fonte dreno da panícula. Objetivou-se com este trabalho estudar o grau de correlação entre variáveis do crescimento, a fim de determinar métodos não-destrutivos capazes de definir o estádio de desenvolvimento da manga. O experimento foi conduzido em pomar comercial da Empresa FRUNORTE, em Assu-RN. Foram marcadas 200 panículas de 200 árvores selecionadas aos 32 dias após o inicio do pleno florescimento. Realizaram-se medições dos diâmetros longitudinais, ventrais e dorsais dos frutos na planta. Foram retiradas amostras de 20 frutos/tratamento com idades de 32, 46, 60, 74, 82, 89, 96 e 103 dias após o florescimento pleno, e avaliados quanto ao peso da massa fresca (MF e seca (MS e volume. Os diâmetros longitudinais, ventrais e dorsais foram medidos com paquímetro digital e os resultados foram utilizados para o cálculo do produto dos diâmetros. A MF e volume foram as variáveis que apresentaram maior grau de correlação. As correlações da MF com o produto dos diâmetros e do volume do fruto com o produto dos diâmetros também foram altas. A MS correlacionou-se com o produto dos diâmetros, apresentando valor de r = 0,94. Com esses dados sugere-se que se pode estimar a MF e a MS dos frutos mediante métodos não-destrutivos, como a determinação do volume e o produto dos diâmetros.Usually, studies on the development of mango fruits are made by destructive methods, which modify the physiologic system feeding the remaining fruits, due to alterations in the source and sink relationship. The objective of the work was to study the relationship among growth variables, in order to establish a non-destructive method capable of defining fruit development stages. The experiment was carried out in a commercial orchard at the

  19. Isotermas de dessorção e calor isostérico dos frutos de crambe Desorption isotherms and isosteric heat of the fruits of crambe

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lílian M. Costa

    2013-04-01

    Full Text Available Neste trabalho objetivou-se determinar as isotermas de sorção dos frutos de crambe e obter os valores do calor isostérico de dessorção em função do teor de água de equilíbrio. Para obtenção do teor de água de equilíbrio higroscópico utilizaram-se os frutos de crambe com teor de água inicial de 26,0 (% base seca e o método estático-gravimétrico e, para cada repetição, foram colocados 10 g de frutos envolvidos por um tecido permeável para permitir o contato do ar com o produto e colocados no interior dos dessecadores enquanto para o controle da umidade relativa no interior dos dessecadores foram utilizadas soluções saturadas. Os dessecadores foram colocados em câmara incubadora tipo B.O.D. regulada para as temperaturas de 25, 30, 35 e 40 °C. O teor de água de equilíbrio higroscópico dos frutos de crambe é diretamente proporcional à atividade de água e decresce com o aumento de temperatura, para um mesmo valor de umidade relativa de equilíbrio. Baseando-se em parâmetros estatísticos os modelos de Copace e Oswin Modificado são os que melhor representam a higroscopicidade dos frutos de crambe quando comparados com os demais modelos testados. O calor isostérico aumenta com a diminuição do teor de água de equilíbrio sendo necessária uma quantidade maior de energia para retirar a água dos frutos de crambe.This study aimed to adjust different mathematical models to experimental data of hygroscopicity of crambe fruits, selecting one that best represented the phenomenon, and obtain the values of the isosteric heat of desorption as a function of equilibrium moisture content. To obtain an equilibrium moisture content, crambe fruit was used with an initial moisture content of 26.0% (dry basis and static gravimetric method. For each replicate 10 g of fruit were placed surrounded by a permeable fabric to permit air contact with the product and placed within the desiccators. To control the relative humidity inside the

  20. Diversidade genética intra e interespecífica de pitaya com base nas características físico-químicas de frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristiane Andréa de Lima

    2013-12-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se avaliar a diversidade genética intra e interespecífica de 21 acessos de duas espécies de pitaya, Hylocereus undatus (Haw Britton & Rose e Selenicereus setaceus Salm-Dyck. A. Bereger ex Werderm., com base nas características físico-químicas dos frutos. Foram avaliadas as características: comprimento, diâmetro, sólidos solúveis, massa total da casca e da polpa dos frutos. Com base na média das características físico-químicas de cada acesso, foram calculados índices de distância genética entre cada par de acessos com base na distância euclidiana média padronizada. A partir da matriz de distâncias genéticas, realizaram-se análises de agrupamento por meio de dendograma e dispersão gráfica baseada em escalas multidimensionais. As variáveis analisadas apresentaram diferentes contribuições relativas para a diversidade genética. O diâmetro do fruto foi a variável que teve maior contribuição no índice de diversidade genética (27,45 %, seguido pela massa total do fruto (25,43 % e pela massa da polpa do fruto (24,67 %. As distâncias genéticas entre os 21 acessos de pitaya variaram entre 2,2 e 540,1. A análise de agrupamento permitiu subdividir os 21 acessos em dois grupos de similaridade genética, Hylocereus e Selenicereus, a uma distância genética relativa de 100. As características físico-químicas dos frutos evidenciaram alta diversidade genética entre os acessos das espécies H. undatus e S. setaceus.

  1. Desenvolvimento de frutos de Longan (Dimocarpus longan lour na região de Jaboticabal-SP Development of Longan (Dimocarpus longan lour fruits in the region of Jaboticabal-SP, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Natanael de Jesus

    2008-03-01

    Full Text Available O presente estudo teve por objetivo avaliar o desenvolvimento de frutos de plantas de longan (Dimocarpus longan Lour na região de Jaboticabal, estabelecendo-se, portanto, a curva de crescimento dos frutos. As avaliações realizadas foram semanais, consistindo em medições do diâmetro longitudinal e transversal dos frutos marcados, a partir do momento da formação da polpa. Quinzenalmente, realizaram-se avaliações de características físicas: massa de fruto (g, casca (g, polpa (g semente (g, e químicas: acidez titulável (AT, sólidos solúveis (SS, ácido ascórbico (AA e ratio (SS/AT. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que o ciclo de frutificação da Longan na região é entre 120 e 130 dias após antese, período em que o fruto estaria apto para o consumo. A curva do desenvolvimento dos frutos segue um padrão sigmoidal simples. Com relação aos atributos físicos e químicos, constatou-se que a planta 6 apresentou os melhores resultados, podendo ser recomendada como planta-matriz.This work was carried out to evaluate the development of longan (Dimocarpus longan Lour fruits in the region of Jaboticabal, and establish the fruit growth curve. Weekly evaluations were performed to measure longitudinal and transversal diameter of selected fruits after pulp formation. Every two weeks, physical and chemical parameters were evaluated: fruit, peel, pulp and seed mass (g; titrable acidity (TA, soluble solids (SS, ascorbic acid (AA and the ratio (SS/TA. Results indicate that longan reproductive cycle in the region is 120 to 130 days after anthesis, period after which the fruit is good for consumption, when the fruit development curve follows a simple sigmoidal pattern. Physical and chemical parameters have shown that the longan fruits analyzed here have a high consumption potential.

  2. Qualidade de fruto da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisa Adriano

    2011-10-01

    Full Text Available A acerola é um fruto de grande potencial econômico e nutricional devido ao seu alto teor de vitamina C, destacando-se como alimento funcional. É comercializada principalmente na forma de polpa congelada e fruto in natura. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade dos frutos da aceroleira cv. Olivier em dois estádios de maturação. Para tanto, foram colhidas amostras de frutos em um pomar comercial no município de Junqueirópolis-SP. Foram realizadas a determinação da cor externa dos frutos e análises das características químicas de teor de sólidos solúveis, pH, acidez titulável, açúcares redutores, 'ratio' e ácido ascórbico de frutos semi-maduros e maduros. Os resultados obtidos permitiram concluir que os frutos semimaduros apresentaram maior acidez total, menor teor de sólidos solúveis e menor concentração de açúcares; no entanto, estes frutos apresentaram maiores teores de vitamina C, expressa em ácido ascórbico. Portanto, quando se buscam altos índices de vitamina C, os frutos devem ser colhidos num estádio de maturação menos avançado, com coloração alaranjada. O estudo demonstrou também que a cv Olivier produz frutos com características adequadas tanto para o mercado in natura quanto para a indústria, apresentando boa coloração e características químicas dentro dos padrões para esta fruta.

  3. Pronóstico para la cosecha selectiva del café por vibración

    OpenAIRE

    Arturo Martínez Rodríguez; Benjamín Gaskin Espinosa; Oscar Llanes Guerra

    2004-01-01

    Una de las principales dificultades durante la cosecha mecanizada del café por vibración, consiste en la presencia de un gran porciento de frutos verdes en la masa cosechada, lo cual constituye un problema aún no resuelto a nivel internacional. En el trabajo, a partir de la evaluación de modelos matemáticos de la dinámica del sistema fruto-pedúnculo, se brindan recomendaciones sobre las frecuencias de vibración a aplicar para lograr una mejor selectividad durante el desprendimi...

  4. Natural products to agro-ecological pest management and their natural enemies of cotton plant intercropped with maize, cowpea and sesame = Produtos naturais no manejo agroecológico de pragas e seus inimigos naturais do algodoeiro consorciado com milho, feijão-caupi e gergelim

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gildo Pereira de Araujo

    2015-06-01

    . Objetivou-se com este trabalho avaliar os inseticidas naturais: extrato aquoso da pimenta malagueta, caulim, Azamax®, Rotenat® e Pironat® no manejo agroecológico das principais pragas e seus inimigos naturais do algodoeiro consorciado com as culturas do milho, feijão-caupi e gergelim. Os estudos foram desenvolvidos no campo experimental da Embrapa Algodão em Barbalha, Ceará, onde instalou-se o experimento para avaliação dos produtos naturais, com o delineamento experimental em blocos ao acaso e com quatro repetições, representado por seis tratamentos: T1-Testemunha (sem aplicação, T2-Pimenta malagueta, T3-Caulim, T4-Azamax®, T5-Rotenat® e T6-Pironat®. Os produtos foram aplicados a cada sete dias, seguidos de avaliações também semanais, considerando-se o efeito dos tratamentos sobre a ocorrência dos insetos pragas do algodoeiro e seus inimigos naturais. O Caulim é o produto natural mais eficiente no controle do bicudo do algodoeiro, Anthonomus grandis . A pimenta malagueta não é eficiente no controle das principais pragas do algodoeiro. Os produtos naturais aplicados a cada 7 dias em pulverizações nas folhas do algodoeiro não interferem na presença de inimigos naturais.

  5. Produção e qualidade de frutos de tomateiros portadores de alelos mutantes de amadurecimento e coloração Yield and fruit quality of tomato hybrids heterozygous for ripening and color mutant alleles

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valter Carvalho de Andrade Júnior

    2005-06-01

    Full Text Available Sete híbridos de tomateiros quase-isogênicos, à exceção dos locos norª/nor, rin, og c e hp, com as linhagens parentais FloraDade e Mospomorist, e dois híbridos comerciais heterozigotos no loco rin (Carmen F1 e Chronos F1 foram avaliados quanto às características de produção e qualidade de frutos e quanto aos possíveis efeitos do background genotípico empregado nas mesmas características. Foi utilizado o delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições e dez plantas por parcela. Os genótipos nor+/nor e rin+/rin não afetaram as características de produção. O genótipo nor+/norª atuou diminuindo a massa média por fruto. Os genótipos nor+/norª, nor+/nor e rin+/rin, isoladamente, atrasaram a perda de firmeza e a chegada da coloração vermelha nos frutos. O tamanho relativo da cicatriz peduncular não foi afetado significativamente por esses genótipos. A combinação og c+/og c hp+/hp proporcionou maior produção total e maior massa média por fruto no híbrido nor+/norª. A firmeza e a coloração dos frutos nor+/norª não foram afetadas pela combinação og c+/og c hp+/hp. O genótipo nor+/norª reduziu a produção precoce de frutos og c+/og c hp+/hp e aumentou a meia-vida da firmeza desses frutos. O background genotípico e a interação background x mutante de amadurecimento devem ser considerados na produção de híbridos F1 de tomateiro.Seven nearly isogenic tomato hybrids, except for their genotypic constitutions in loci norª/nor, rin, og c and hp, were tested for fruit yield and quality traits along the parental background lines FloraDade and Mosporist and two commercial rin+/rin tomato hybrids (Carmen F1 and Chronos F1. The role of the different genotypic backgrounds on these fruit traits was also studied. The genotypes were tested using a randomized complete block design with four replicates and ten plants per plot. The genotypic constitutions nor+/nor or rin+/rin had no effect on yield related

  6. Produção de frutos de morango em função de diferentes períodos de vernalização das mudas Production of strawberry fruits depending on vernalization periods of the transplants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto P de Oliveira

    2009-03-01

    Full Text Available Avaliou-se a produção de frutos de morango da cv. Camarosa em função de diferentes períodos de vernalização das mudas, comparando-a com a de mudas importadas. O experimento foi realizado em Pelotas, utilizando sistema de produção sob túnel. O transplante foi realizado em 18/05/06, utilizando-se mudas produzidas no sul do Rio Grande do Sul, vernalizadas por 0; 7; 14; 21 e 28 dias (4±1ºC, 94±2% UR, e mudas não vernalizadas do Chile. Os tratamentos foram dispostos em delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. A unidade experimental foi constituída por 21 plantas, avaliadas quanto à produção, número de frutos por planta e massa média dos frutos ao longo de 20 semanas (agosto a dezembro de 2006. As mudas chilenas proporcionaram maiores produção e número de frutos do que as produzidas no RS na ausência de vernalização (1.038,3 e 491,7 g planta-1; 55,1 e 34,3 frutos planta-1, respectivamente. A vernalização das mudas nacionais por cerca de 24 dias otimizou a produção e o número de frutos (1.023,1 g planta-1; 55,6 frutos planta-1. As mudas produzidas no RS apresentaram maior produção em novembro e dezembro, enquanto as chilenas em outubro e novembro.The yield of strawberry fruits cv. Camarosa was evaluated as affected by different vernalization periods of the transplant, in comparison with imported ones. The experiment was carried out in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil, using a tunnel as production system. The plants were transplanted on May18, 2006, using transplants produced in the south of Rio Grande do Sul, which were vernalized during 0; 7; 14; 21 and 28 days (4±1ºC, 94±2% RH, and transplants without vernalization coming from Chile. The treatments were disposed according to a randomized complete block design with four replications. The experimental unit were composed of 21 plants. The yield, number of fruits per plant and average fruit mass were analyzed during 20 weeks (August to December

  7. Physical and chemical characterization of yellow mangosteen fruits Caracterização físicas e químicas de frutos de mangostão amarelo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ítalo Herbert Lucena Cavalcante

    2006-08-01

    Full Text Available The work had as objective the physico-chemical characterization of yellow mangosteen fruits. Six samples of 25 fruits were harvested in yellow mangosteen plants of the Active Germoplasm Bank of São Paulo State University and characterized by evaluation of length and width, weight, percentage and number of seeds per fruit, peel and pulp percentage, soluble solid (SS, titratable acidity (TA, vitamin C and SS/TA rate. Yellow mangosteen fruit is an intermediate vitamin C source with an average content 120.33 mg/100g of fresh fruit and has good technological quality.O trabalho teve como objetivo a caracterização físico-química de frutos de mangostão amarelo (Garcinia xanthochymus Hook. Seis amostras de 25 frutos cada foram colhidas em plantas de mangostão amarelo do Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Estadual Paulista e caracterizadas pela avaliação de diâmetro e altura, peso, percentagem e número de sementes por fruto, percentagem de casca, percentagem de polpa, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, vitamina C e relação SS/AT. O mangostão amarelo tem boas qualidades tecnológicas e é uma fonte intermediária de vitamina C com conteúdo médio de 120,33 mg/100g de fruta fresca.

  8. Efeito da carga de frutos e concentrações salinas no crescimento do meloeiro Cultivado em substrato Effect of fruit load and saline concentrations on the growth of melon cultivated under protected environment

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tatiana da S Duarte

    2008-09-01

    Full Text Available O objetivo foi avaliar o efeito do número de frutos por planta e de concentrações salinas em solução nutritiva recirculante, no crescimento do meloeiro cultivado em ambiente protegido e em substrato de casca de arroz crua, durante os meses de fevereiro a maio de 2003. Três números de frutos por planta (2, 3 e 4 e três concentrações salinas da solução nutritiva (1,9; 2,3 e 2,9 dS m-1 foram estudados. A partir dos dados da matéria seca (MS e fresca (MF e da área foliar, acumuladas aos 62 dias após o transplante, foi determinada a produção e a distribuição de biomassa entre as diferentes partes da planta. Os frutos compreenderam de 49 a 55% da MS aérea total produzida pela planta, demonstrando que estes são os órgãos drenos de assimilados mais potentes. O aumento do número de frutos reduziu o peso médio dos frutos, sem afetar a produção e a distribuição de MS total, vegetativa e generativa. Entretanto, aumentou levemente a produção de MF dos frutos e da parte aérea como um todo, favorecendo a distribuição de MF para os frutos. Portanto, o acúmulo de água nos frutos ocorreu em uma proporção diferente do acúmulo da MS. A menor concentração salina da solução nutritiva testada pode ser indicada para o cultivo do meloeiro em substrato de casca de arroz crua durante o outono, pois promove um crescimento da planta similar ao observado nas concentrações mais altas.The effect of fruit load and of saline concentrations in nutrient solution recirculating, was evaluated on the growth of melon plants cultivated under protected cultivation and in raw rice husk, during the months February to May of 2003. Three numbers of fruits/plant (2, 3 and 4 and three saline concentrations of the nutrient solution (1,9; 2,3 and 2,9 dS m-1 were studied. From the data of dry and fresh matter (DM and FM, and of the leaf area accumulated at 62 days after setting, the biomass production and distribution among the different plant parts

  9. ACTIVIDADE ANTIMICROBIANA E EFEITO COMBIANDO SOBRE DROGAS ANTIFUNGICAS Y ANTIBACTERIANAS DO FRUTO DE Morinda citrifolia L

    National Research Council Canada - National Science Library

    Saulo Relison TINTINO; Abel Alves de Carvalho NETO; Irwin R A MENEZES; Cícera Datiane de M OLIVEIRA; Henrique D M COUTINHO

    2015-01-01

    .... Possui diversos metabólitos primários e secundários, principalmente flavonóides, triterpenóides e alcalóides. O presente trabalho visou testar o potencial antimicrobiano e modulador dos extratos do seu fruto...

  10. Los frutos de las cactáceas y su potencial como materia prima

    OpenAIRE

    Patricia Esquivel

    2004-01-01

    Los frutos de las Cactáceas y su potencial como materia prima. Se presenta información sobre las características generales, así como usos actuales y potenciales de los miembros más importantes, desde un punto de vista comercial, de la familia de las cactáceas.

  11. Efecto del déficit hídrico en el crecimiento y desarrollo de frutos de naranja Valencia (Citrus sinensis Osbeck en el piedemonte del Meta, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diana Lucía Garzón Correa

    2013-04-01

    Full Text Available En Colombia el área sembrada con cítricos es marginal, si se compara con el área potencial de cultivo, debido a factores como déficit de agua, nutrición y eficiencia de la formación de frutos. El objetivo del presente estudio fue evaluar el efecto del déficit hídrico mediante la aplicación controlada de láminas de riego en el cultivo de naranja Valencia (Citrus sinensis Osbeck en el piedemonte del Meta (departamento del Meta, Colombia. Los tratamientos (T de riego fueron: T1 = 100% de la evapotranspiración del cultivo (ETc; T2 = 50% ETc; T3 = testigo = 0% ETc. El riego se aplicó desde el inicio de la floración en febrero hasta la formación del fruto en abril de 2011. El diseño experimental fue bloques completamente al azar con tres repeticiones por tratamiento. Las variables evaluadas fueron: humedad del suelo (q g, estado hídrico de la planta (Ytallo, fenología, brotación, floración, formación, crecimiento y calidad del fruto. Los árboles en el T1 presentaron un mayor número y tamaño de fruto, pero no se encontraron diferencias (P > 0.05 en producción y calidad respecto al testigo; la q g y el Ytallo fueron diferentes (P < 0.05 entre tratamientos y el testigo mostró los menores valores, 13.82% y -2.5 MPa, lo cual indica un estrés moderado.

  12. Influência do pH da solução extrativa no teor de antocianinas em frutos de morango Influence of the extraction solution pH on the content of anthocyanins in strawberry fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso Luiz Bordignon Jr.

    2009-03-01

    Full Text Available Nos últimos anos, os estudos sobre a composição química do fruto do morangueiro vêm ganhando destaque devido ao seu elevado consumo e às atividades biológicas atribuídas a ele. Além disso, os principais metabólitos secundários encontrados nesses frutos são as antocianinas, compostos responsáveis pela intensa coloração vermelha e amplamente utilizados como corantes naturais pela indústria alimentícia. Neste trabalho, foram preparados diferentes extratos de frutos de morango com a cultivar Oso Grande, com o intuito de verificar a influência do pH no perfil espectroscópico do extrato e no teor de antocianos. O extrato em pH 1,0 forneceu um perfil clássico para antocianinas na análise por espectroscopia no ultravioleta, assim como um maior teor de antocianinas nos frutos frescos devido a uma extração mais eficiente das substâncias de interesse.Recently, the study on the chemical composition of the strawberry fruit has been recognized in view of its increased consumption and biological activities. Moreover, the main secondary metabolites found in strawberry fruits are anthocyanins, which are the compounds responsible for the intense red color of the fruit and are widely used as natural colorants by the food industry. In this work, were prepared different extracts with strawberry fruits of the cultivar Oso Grande in order to verify the pH influence on the spectroscopic profile of the strawberry extracts and on the content of anthocyanins. The results indicate that at pH 1,0 the extract showed a classic profile to anthocyanins through ultraviolet spectra analysis and a higher content of anthocyanins in fresh fruits.

  13. Ocorrência da lagarta-da-maçã-do-algodoeiro em frutos de tomateiro no estado do Espírito Santo Occurrence of tobacco budworm in tomato fruits in the Espírito Santo State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dirceu Pratissoli

    2006-06-01

    Full Text Available Ovos e lagartas de Heliothis virescens (Fabricius (Lepidoptera: Noctuidae foram encontrados em frutos de tomateiro da cultivar Santa Clara, em um plantio localizado em área experimental, em Alegre-ES. Essa infestação proporcionou dano de cerca de 10%, caracterizado por perfurações de tamanhos variados na polpa de frutos com diâmetros superiores a 2 cm, variando de acordo com o estádio de desenvolvimento das lagartas. Ovos foram coletados e levados ao laboratório, onde foram mantidos à temperatura de 25±3ºC e 70±10% de umidade relativa até a eclosão. As lagartas recém-eclodidas foram individualizadas em caixa gerbox e alimentadas em fatias de frutos de tomate, onde permaneceram até a fase de pupa para sua identificação. Este é o primeiro relato da ocorrência de Heliothis virescens em frutos de tomate no Brasil.Eggs and caterpillars of the Heliothis virescens (Fabricius, 1781 (Lepidoptera: Noctuidae were found in tomato fruits of cv. Santa Clara, in a plantation located in Alegre, Espirito Santo State, Brazil. The attack caused damage in 10% of fruits characterized by different perforation sizes in the pulp of the fruits with diameters of two or more centimeters, depending on the state of development of the caterpillars. Eggs were collected, taken to the laboratory, and kept at 25±3ºC and 70±10% of relative humidity until the larval phase. The caterpillars were individually kept in gerboxes and fed with tomato slices until the pupa phase for identification. This is the first report of the occurrence of Heliothis virescens in tomato fruits in Brazil.

  14. Curva de Degradación del Plaguicida Imazalil en Frutos Maduros de Pomelos durante el Almacenamiento en Frio Imazalil Pesticide Degradation Curve in Mature Grapefruit During LongTerm Storage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.G. Bovi Mitre

    2004-01-01

    Full Text Available Se construyó experimentalmente la curva de degradación del plaguicida de postcosecha Imazalil en frutos de pomelos producidos en la Provincia de Salta (Argentina. Estos frutos fueron conservados refrigerados a 9ºC durante 35 días. Este estudio permite establecer las distintas concentraciones que los frutos contienen mientras son transportados, en condiciones de refrigeración, para su exportación a diferentes destinos internacionales. Se almacenan 100 frutos tratados con Imazalil a 9ºC. Se analizan periódicamente muestras por triplicado, cuantificando los residuos de Imazalil en las cáscaras de los pomelos, mediante la técnica de Tafuri. Los resultados muestran que después de transcurrir 34 días, la concentración de Imazalil en cáscara no supera el límite máximo de residuo reglamentado (LMR=5ppm. Se concluye que este tratamiento postcosecha permite mantener en buenas condiciones fitosanitarias la producción y llegar a destinos internacionales con bajas concentraciones de residuosAn experimental degradation curve for the plaguicide Imazalil was constructed for grapefruit from Salta Province(Argentina where the fruit was stored under refigeration at 9°C for 35 days. This study allowed determination of the different concentrations of plaguicide contained by the fruit during transport, refrigeration, and exporting to various international destinations. From a sample of 100 Imazalil-treated fruits stored at 9°C, periodic analyses were made in triplicate of the grapefruit skins using the method of Tafuri. The results showed that after 34 days the concentration of Imazalil did not exceed the maximum regulation limit (LMR= 5 ppm. It is concluded that this post-harvest treatment allowed the maintenance of good phytosanitary conditions which allowed this product to reach international destinations with low concentrations of residues

  15. Conservação pós-colheita de frutos de araçá-vermelho em função do estádio de maturação e temperatura de armazenamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Amanda Maria Furtado Drehmer

    2008-06-01

    Full Text Available O presente trabalho objetivou estudar os efeitos do estádio de maturação e temperatura de armazenamento sobre a fisiologia de araçá-vermelho. Frutos colhidos nos estádios de maturação verde (coloração vermelha da epiderme 50% foram armazenados nas temperaturas de 0; 5; 10; 20 e 30ºC (UR de 85-90% para a quantificação das taxas respiratórias e alterações na coloração da epiderme (L='lightness' e hº=ângulo 'hue'. Houve aumento substancial na taxa respiratória com o aumento na temperatura de armazenamento de 0 a 30ºC, com Q10 @ 2,7. Frutos colhidos no estádio de maturação verde apresentaram, em relação a frutos colhidos no estádio maduro, sensível redução na qualidade, caracterizada pelo menor teor de sólidos solúveis e maior acidez, porém melhor retenção de firmeza e de coloração da epiderme (com menor alteração na coloração de verde para vermelho, especialmente quando armazenados a 0ºC, e menor incidência de podridões. Frutos de araçá-vermelho devem ser colhidos no estádio maduro e imediatamente armazenados a temperaturas próximas de 0ºC, visando a prolongar a sua conservação, já que apresentam elevadas taxas respiratórias e rápido amadurecimento à temperatura ambiente (20ºC.

  16. Análisis de la infección de Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Penz. & Sacc. de frutos de aguacatero

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Édgar Saúl Rodríguez-López

    2013-09-01

    Full Text Available La patogénesis de Colletotrichum gloeosporioides (Penz. Penz. & Sacc. del estado de Michoacán, México se caracterizó en frutos de aguacatero (Persea americana L. cultivar 'Hass'. El hongo causó los síntomas característicos de la enfermedad denominada 'antracnosis' a partir de los diez días después de la inoculación. La tasa de infección del hongo entre tratamientos fue significativamente diferente (p<0.05 a partir del sexto día de la inoculación y el desarrollo de la enfermedad se explicó por un modelo de regresión lineal simple (Y = 1.123 + 0.1133X. No se detectó la formación de apresorios pero sí la síntesis de una capa mucilaginosa asociada con los tubos germinativos. El proceso infectivo del hongo se manifestó con la penetración de las hifas intra e inter-celularmente y con la producción de acérvulos a partir de los 12 días después de la inoculación. Los síntomas de la antracnosis se asociaron con la degradación de polifenoles, plasmólisis, necrosis y desintegración celular.

  17. CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DO FRUTO E DO ÓLEO EXTRAÍDO DE TUCUMÃ (ASTROCARYUM VULGARE MART

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    EDERLAN DE SOUZA FERREIRA

    2009-06-01

    Full Text Available

    Este estudo teve como objetivo determinar as características físico-químicas do fruto e do óleo extraído de tucumã (Astrocaryum vulgare. Frutos de tucumã foram submetidos à análise dos aspectos físicos. Na polpa in natura e na torta foram realizadas determinações de composição química. O óleo bruto do fruto foi submetido às determinações físico-químicas e de quantificação dos principais ácidos graxos. O fruto de tucumã demonstrou rendimento de 25% de polpa, caracterizado por elevados teores lipídico, calórico e de concentração de β-caroteno. A torta mostrou ser uma considerável fonte de fibras e carboidratos. O óleo bruto de tucumã reportou propriedades químicas próximas às características do óleo de palma. Por outro lado, a quantificação dos principais ácidos graxos mostrou que sua composição apresenta 29% de ácidos saturados e apenas 1% de poliinsaturados. Os ácidos monoinsaturados representam 68%, tendo como principal representante o ácido oléico que constituiu 67% da composição química. Os resultados indicaram que o fruto de tucumã apresenta importantes propriedades nutricionais, como fonte de caloria, pró-vitamina A, fibras e lipídios, especialmente, do ácido graxo oléico.

  18. Herança de formato e produção de frutos imaturos em abobrinha (Cucurbita moschata Inheritance of immature fruit shape and production in summer squash (Cucurbita moschata

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.I.I. Cardoso

    1995-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi determinar a herança de formato e produção de frutos imaturos de 2 novas linhagens de C. moschata. Para tal obtiveram-se as gerações Fl, F2 e retrocruzamentos para ambos os progenitores. Para a avaliação das diferentes gerações utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso com 4 repetições e número variável de plantas por repetição. As estimativas dos parâmetros genéticos foram obtidas segundo o modelo de MATHER & JINKS. Foram avaliados o peso, comprimento e diâmetros próximos das extremidades peduncular e estilar dos frutos. Observou-se dominância para maior velocidade de crescimento dos frutos, caracterizada pelos maiores comprimentos, diâmetros e peso médio na geração F1. Observou-se também dominancia para frutos mais bojudos e com menor relação entre o comprimento e a média dos diâmetros. Devido ao maior peso médio de frutos, e não ao número, obteve-se heterose significativa (20,5% para produção total por planta.Two inbred lines of C. moschata were crossed to obtain Fl, F2 and F1BC1 for both parental generations to study the inheritance of immature fruit shape and production. Four replications for each generation were choosen in a randomized block design. For each one of the eleven harvestings, the following parameters were evaluated: weight, length and diameter near peduncle and style ends of the immature fruits. Through the results it is concluded that there is dominance for higher growth speed of the fruits, which determines greater length, diameters and weight, when they were harvested at the same age, and, therefore, greater yield per plant.

  19. Efeito da aplicação do cloreto de cálcio nos frutos da manga 'Tommy Atkins' tratados hidrotermicamente Effect of calcium chloride application on mango fruit cv. Tommy Atkins hydrothermally treated

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murillo Freire Júnior

    1999-05-01

    Full Text Available O objetivo do trabalho foi estudar os efeitos da aplicação de cloreto de cálcio, associado ao tratamento hidrotérmico em frutos de manga (Mangifera indica L.. Verificou-se que a associação do tratamento hidrotérmico à aplicação de cloreto de cálcio é viável, e que existe uma correlação positiva entre o Ca aplicado e a quantidade deste elemento na casca, porém com pouca penetração para a polpa do fruto, o que demonstra que o Ca age positivamente na diminuição dos sintomas da antracnose. Pelo contraste apresentado na aparência externa dos frutos, a aplicação de cloreto de cálcio a 4% mostrou melhores resultados, porém sem garantir a qualidade final exigida para a exportação dos frutos. A aplicação de cloreto de cálcio não se mostrou efetiva no aumento do período de conservação dos frutos.The aim of this work was to study the effects of the application of calcium chloride associated with hydrothermal treatment on post-harvest preservation of mango fruit (Mangifera indica L.. The Ca absorption by mango peel and flesh was investigated using the same conditions usually employed for the fruit exportation to the american market. It was verified that the association of heat treatment to Ca application was viable. There was a positive correlation between the amount of Ca applied and the amount of this element presented in the peel, although low penetration toward the flesh was observed. It was demonstrated that Ca reduces anthracnose symptoms. It was also verified, by observing the external appearance of the fruits, that the best results were obtained when 4% of calcium chloride was used, although such concentration did not guarantee the required quality for the fruit exportation. The calcium chloride application was not effective to increase the shelf-life of the fruits.

  20. Crescimento de frutos da tangerineira 'Poncã' (Citrus reticulata Blanco Fruit gowth of 'Ponkan' mandarin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marlon Dutra Degli Esposti

    2008-09-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o desenvolvimento de frutos da tangerineira Poncã, desde o pegamento até a colheita dos frutos, em Viçosa - Minas Gerais. O desenvolvimento do fruto seguiu uma curva do tipo sigmóide simples, sendo a fase I compreendida da antese até o 85º dia após o pleno florescimento, com um período de transição na fase II, que foi até o 101º dia após o pleno florescimento. A fase II teve início logo após a fase de transição, prolongando-se até o 251º dia após o pleno florescimento. A fase III, de amadurecimento do fruto, iniciou-se no 251º dia após o pleno florescimento e prolongou-se até a colheita dos frutos, a qual foi realizada no 276º dia após o pleno florescimento.The objective of this work was to evaluate the fruit development of Ponkan mandarin (Citrus reticulata Blanco. Fruit development followed a simple sigmoid curve, with phase I extending from anthesis to the 85th day after full flowering, with a transition period to phase II that lasted up to the 101st day after full flowering. Phase II began soon after the transition phase, extending up to the 251st day after full flowering. Phase III, fruit ripening, began at the 251st day after full flowering and it was prolonged until harvest, which was carried out at the 276th day after full flowering.

  1. CARACTERIZAÇÃO DE FRUTOS E PROPAGAÇÃO DE PORTA-ENXERTOS HÍBRIDOS DE CITROS EM AMBIENTE PROTEGIDO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA JÚLIA DA SILVA RODRIGUES

    2015-06-01

    Full Text Available A diversificação de uso de porta-enxertos de citros é importante no Brasil devido à presença de diversos estresses abióticos e bióticos, além da busca por atributos horticulturais desejáveis como nanismo, alta eficiência de produção e indução de boa qualidade aos frutos. Para a seleção de um genótipo com potencial de uso como porta-enxerto, porém, o desempenho na fase de propagação também é relevante. Assim, caracterizaram-se os frutos e avaliou-se a propagação em ambiente protegido de porta-enxertos híbridos de citros obtidos ou selecionados pelo Programa de Melhoramento Genético de Citros da Embrapa: citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’, híbridos HTR-051, TSKC x (LCR x TR-040 e 059, LVK x LCR-010 e 038, TSKC x CTTR-002, TSKC x CTSW-041 e LCR x TR-001, além das variedades comerciais citrumelo ‘Swingle 4475’, trifoliata ‘Flying Dragon’, limoeiro ‘Cravo Santa Cruz’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’. Foram avaliados variáveis biométricas, fisiológicas e coeficientes técnicos. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com quatro repetições e 50 plantas na parcela ou 20 frutos por genótipo, conforme a avaliação. Citrumelo ‘Swingle’ e LVK x LCR-010 apresentaram alta produção de sementes por fruto, enquanto HTR-051 e LCR x TR-001 produziram as menores quantidades. A poliembrionia foi superior para TSKC x CTTR-002, TSKC x (LCR x TR–040, LCR x TR-001, citrandarins ‘Indio’, ‘Riverside’ e ‘San Diego’ e tangerineira ‘Sunki Tropical’, tendo trifoliata ‘Flying Dragon’ e LVK x LCR-010 apenas 45% de poliembrionia média. A emergência de citrandarin ‘Riverside’ foi mais rápida e uniforme em relação aos demais genótipos. O crescimento vegetativo da parte aérea e do sistema radicular foi superior para citrandarin ‘Riverside’, TSKC x (LCR x TR-059, tangerineira ‘Sunki Tropical’, citrumelo ‘Swingle’ e limoeiro ‘Cravo’ e seus h

  2. ANATOMICAL ASPECTS OF DEVELOPMENT OF PINEAPPLE GUAVA FRUIT [ACCA SELLOWIANA (O.BERG BURRET] ASPECTOS ANATÓMICOS DEL DESARROLLO DEL FRUTO DE FEIJOA [ACCA SELLOWIANA (O.BERG BURRET

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mariela Rodríguez

    2010-06-01

    de inclusión que tiene las etapas de deshidratación, infiltración e inclusión, finalmente, se realizó el corte y montaje con safranina fast-green. Las observaciones mostraron que las células del exocarpio y el endocarpio presentaron multiplicación celular hasta avanzadas etapas del desarrollo. El mesocarpio tuvo un incremento importante en el volumen, debido principalmente a la multiplicación celular en la primera y segunda etapa del desarrollo y, a la expansión celular en la última etapa del desarrollo. Se concluyó que el fruto de feijoa es estable anatómicamente porque los tejidos observados en el capullo floral mantienen su identidad hasta cuando el fruto alcanza la madurez fisiológica. Desde el punto de vista anatómico, el tamaño final del fruto depende de las continuas divisiones celulares que sufren estos tejidos y a la expansión celular en la etapa de llenado del fruto. Con las observaciones microscópicas se concluyó que el exocarpio del fruto está conformado por la epidermis externa y la hipodermis; el mesocarpio está constituido por numerosas capas de parénquima; el endocarpio está constituido por la epidermis interna y tres o cuatro capas de células subepidérmicas en ambos clones.

  3. Padrões geográficos das síndromes de dispersão e características dos frutos de espécies arbustivo-arbóreas em comunidades vegetais da Mata Atlântica

    OpenAIRE

    Flavia Campassi

    2006-01-01

    Frutos com sementes que são dispersas por vertebrados são muito freqüentes em florestas tropicais. Porém há uma grande variação na proporção de frutos zoocóricos quando se comparam diferentes comunidades. A Mata Atlântica deve possuir entre suas espécies, semelhante proporção de dispersão biótica com outras comunidades de floresta tropical mas deve apresentar diferenças entre as comunidades que a compõe caso sejam consideradas suas diferenças vegetacionais. No primeiro capítulo desta dissert...

  4. UNAPAL -Abanico 75: nuevo cultivar de zapallo con alto contenido de materia seca en el fruto para fines agroindustriales UNAPAL - Abanico 75: new butternut squash cultivar, with high dry matter content in fruit for agribusiness purposes.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diosdado Baena García

    2010-07-01

    Full Text Available A partir de tres cruzamientos dialélicos entre poblaciones de zapallo, con diferente grado de endocría (S0 x S0, (S1 x S1 y (S2 x S2, se seleccionaron dos híbridos y dos líneas de zapallo, por su alto contenido de materia seca en fruto y producción por planta. Con los genotipos seleccionados se formaron siete poblaciones híbridas, que se estabilizaron genéticamente mediante cruzamientos fraternales y se evaluaron en diferentes ambientes del Valle del Cauca. Se seleccionó la población 1, que presentó una producción por planta entre 29 - 32 kg; peso promedio del fruto entre 5 -6 kg.; 4 -5 frutos por planta; 24 -26% de materia seca en el fruto; formato globular acostillado de color externo verde intenso y color de pulpa amarillo intenso a naranja (12 a 15 abanico de Roche. Esta población fue registrada en el Instituto Colombiano Agropecuario ICA con el nombre de UNAPAL-Abanico-75.Using three diallel crosses among populations of butternut squash, with different levels of inbreeding (S0 x S0, (S1 x S1 y (S2 x S2, two hybrids and two inbred lines of butternut squash were selected, for its high dry matter content in fruit and plant production. Seven hybrid populations were formed from the selected genotypes. They are genetically stabilized by fraternal crossing and were evaluated in different environments of Valle del Cauca. Population one was selected, which presented a plant production between 29 to 32 kg; average fruit weight between 5 -6 kg; 4-5 fruit per plant; dry matter in fruit among 24-26%; globular form ribbed bright green external color and deep yellow to orange flesh color (12 to 14 Roche Fan. This population was registered in Institute Colombian Agropecuario ICA, under the name UNAPAL-Abanico-75.

  5. Evaluación de las características del fruto de huizache (Acacia farnesiana (L.) Willd.) para su posible uso en curtiduría o alimentación animal

    OpenAIRE

    2012-01-01

    El huizache (Acacia farnesiana (L.) Willd.) es una especie silvestre distribuida en el estado de Jalisco y en México, que podría ser utilizada como forraje. Se realizó un estudio para determinar análisis químico proximal (AQP), perfil de aminoácidos y degradabilidad de la materia in situ, en borregos pelibuey fistulados, utilizando el fruto (cáscara y semilla) del huizache, sin tratamiento alguno y con extracción previa de taninos. Los taninos fueron evaluados por los métodos ALCA y número de...

  6. Respuestas de defensa inducidas por Acibenzolar-S-Metil (ASM) en plantas de uchuva (Physalis peruviana)

    OpenAIRE

    Carvajal Arias, Carel Elizabeth

    2013-01-01

    Colombia es uno de los principales países productores de uchuva para exportación, llegando a ocupar el primer lugar como el mayor productor seguido por Sudáfrica. El fruto producido en Colombia (ecotipo Colombia) es uno de los más apetecidos por el mercado internacional, debido a sus características organolépticas y alto contenido de azúcar y vitaminas (Puente et al. 2011). Durante su desarrollo el cultivo puede ser afectado por diferentes plagas y enfermedades, dentro de las cuales se encuen...

  7. Seleção para aumento de produtividade e qualidade de frutos em abobrinha 'Piramoita' comparando dois métodos de melhoramento Selection for fruit yield and quality in 'Piramoita' summer squash comparing two breeding methods

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ismael Inácio Cardoso

    2007-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo comparar dois métodos de melhoramento quanto à seleção visando ao aumento de produtividade e qualidade de frutos na cv. Piramoita. Foram realizados três ciclos de seleção recorrente, com seleção de progênies autofecundadas (S1 e recombinação das melhores progênies para obtenção das populações melhoradas no primeiro (SR-1, segundo (SR-2 e terceiro (SR-3 ciclos. No método do "Single Seed Descent" (SSD as plantas foram autofecundadas por cinco gerações até a obtenção e avaliação de progênies S5. As nove melhores progênies foram selecionadas obtendo-se progênies endogâmicas selecionadas (SSD-1 a SSD-9 e essas progênies também foram intercruzadas para se obter a população P-SSD. Todas as populações obtidas (SR-1, SR-2, SR-3, P-SSD, SSD-1 a SSD-9, juntamente com a população original (cv. Piramoita, totalizando 14 tratamentos, foram avaliadas em um experimento em blocos ao acaso, com seis repetições e cinco plantas por parcela. As características avaliadas foram: produção de frutos (número e massa total e comercial, massa média de fruto comercial e taxa de frutos comerciais. Foram obtidos aumentos crescentes de produção de frutos comerciais com os ciclos de seleção recorrente, sendo a população SR-3 superior à 'Piramoita' para número de frutos por planta. Foi obtida uma progênie por SSD melhor que a população inicial e tão produtiva quanto à população SR-3. Deste modo, o método SSD pode vir a ser ótima alternativa no melhoramento genético de abobrinha, sem a necessidade de avaliação e seleção de progênies a cada safra, apenas quando essas já estiverem praticamente homozigotas.The objective of this work was to compare two breeding methods to improve fruit yield and quality in 'Piramoita' summer squash. Three cycles of recurrent selection were made, with evaluation and selection of S1 progenies and recombination of plants from selected progenies to obtain

  8. Produção e predação de frutos em Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke (Lauraceae em sistema de plantio sob floresta de terra firme na Amazônia Central Harvesting and fruit predation of a Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke (Lauraceae ex situ tree population in a central Amazonian upland forest

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Roberto Spironello

    2004-12-01

    Full Text Available O pau-rosa (Aniba rosaeodora vem sendo usado desde o século passado para extração de linalol, produto usado como fixador de perfumes. Por causa do extrativismo houve redução drástica em suas populações naturais. Somando a este fato, esta espécie possui padrão irregular de frutificação e, quando frutifica, os seus frutos são consumidos por animais. Estes aspectos foram estudados utilizando uma população de plantio sob sombra parcial de floresta primária. A produtividade das árvores variou de 40 a 1.600 frutos (n = 21 árvores. No geral, cerca de 42,5% foram removidos por frugívoros (6.770 frutos, n = 10 árvores. Dos frutos não removidos, 0,5% foram predados por vertebrados, 81,5% continham larvas de insetos, variando de 36-96% entre indivíduos. Uma espécie de Coleoptera ataca os frutos em estádio imaturo, enquanto outra (Heilipus sp. e uma espécie de Lepidoptera atacam os frutos em estádio final de desenvolvimento. Os resultados projetam perda de 59,5% dos frutos (54,5% por insetos passíveis de coleta. Considerando a importância econômica do pau-rosa faz-se necessário aumentar a disponibilidade de sementes para planos de manejo da espécie. Para se atingir tais objetivos são necessárias algumas medidas: 1 coleta prematura de frutos para maturação em laboratório; 2 utilização de métodos de controle de insetos adultos (em plantios e larvas (em frutos atacados; e 3 estudos de seleção genética para identificar plantas com maior resistência natural a pragas e doenças.The rosewood tree (Aniba rosaeodora has been exploited for linalol, a product used as a fixative by the perfume industry. As a result, its population has decreased to the point that it is at risk of extinction in some Amazonian areas. In addition, the species has an irregular phenological pattern and its fruits are a food source for animals. This study focused on the use an ex situ population planted under partial forest shade. The fruit set

  9. Efeito da poda da última penca do cacho da bananeira Prata Anã (AAB irrigada na produção de frutos no Norte de Minas Gerais Influence of last hand prune on the irrigated banana bunch crop in the north of Minas Gerais State

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    MARIA GERALDA V. RODRIGUES

    2002-04-01

    Full Text Available Este trabalho foi conduzido na Fazenda Experimental de Mocambinho pertencente à EPAMIG/CTNM, localizada no Perímetro Irrigado do Jaíba MG, com o objetivo de avaliar o efeito da retirada da última penca do cacho de banana 'Prata Anã', na precocidade de colheita e características dos frutos. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com 2 tratamentos, 23 repetições e 3 plantas por parcela. Os tratamentos foram representados por retirada e manutenção da última penca. Não houve efeito dos tratamentos para precocidade, nos dois primeiros ciclos de produção. Para os parâmetros de produção, não houve diferença estatística nos dois primeiros ciclos para massa do cacho; massa média de frutos; massa média de pencas; comprimento, diâmetro, massa e espessura de casca do fruto central da segunda penca; massa da primeira penca; massa da segunda penca; massa da penúltima penca e massa do engaço. No segundo ciclo, houve efeito negativo da retirada da última penca para massa total de frutos, e no primeiro ciclo, apesar de não ter sido significativo, observou-se a mesma tendência. No terceiro ciclo a retirada da última penca promoveu aumento de massa média de frutos, massa média de pencas e diâmetro do fruto central da segunda penca, não alterando o massa total de frutos.This work was carried out in the EPAMIG/CTNM's Experimental Farm, wich is located in the irrigated area of Jaiba county in the north of Minas Gerais state. The aim of this work was to evaluate the effect of hand prune on the harvest time and on the crop characteristics. A completely randomized design was used with 23 replications and three plants per plot. The treatments were pruning and nonpruning of last hand of each bunch. There was no effect of treatments on the harvest time for two first crops, and on fruits characteristics. In the second crop cycle, total fruit weight decreased with last hand prunning. In the third crop the last

  10. Entomofauna asociada a flores de berenjena y su papel en la producción de los frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Julianne MILLÉO

    2011-01-01

    Full Text Available El papel de los insectos polinizadores despierta interés, principalmente, en la reproducción de plantas tales como la berenjena. Este trabajo de recolección de la entomofauna asociada a las flores de Solanum melongena tuvo como objetivos identificar posibles agentes polinizadores locales y analizar el beneficio de los insectos antófilos a esta planta. Las observaciones y la colecta de los insectos visitantes de las flores fueron realizadas en febrero de 2008, entre las 7:00 y 17:15 horas, cada 45 minutos y en un área de 27 m2. El experimento para el análisis y la comparación entre autofecundación espontánea y polinización por medio de agentes bióticos fue realizado en el mismo sitio, de febrero a marzo de 2009. Fueron colectados 631 insectos que visitaban las flores de berenjena, se destacaron los coleópteros de los géneros Colaspis Fabricius, Astylus Laporte, Harmonia Mulsant, Epitrix Foudras y Diabrotica Chevrolat; y los himenópteros del género Bombus Latreille. El pico de visitación en Solanum melongena ocurrió entre las 9:00 y 11:00 horas y corresponde al 36% del muestreo. De las flores sometidas al test de autofecundación espontánea, el 39% formaron frutos, mientras que apenas el 11% de las flores emasculadas y expuestas al proceso de acción por medio de agentes bióticos fructificaron.

  11. A Consciência Como Fruto da Evolução e do Funcionamento do Sistema Nervoso

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Campos Alexandre de

    1997-01-01

    Full Text Available Percepções, individualidade, linguagem, idéias, significado, cultura, escolha, moral e ética, todos existem em decorrência da evolução e do funcionamento do sistema nervoso. Teme-se, por vezes, que a concepção da consciência como resultado de um processo biológico corresponda a uma "profanação do espírito humano", com consequente abandono do comportamento moral e ético. Na verdade, ao se investigar a consciência como fenômeno natural e não místico, ampliam-se nossas possibilidades de entendê-la, com ganhos científicos, teóricos e sociais, além dos éticos e morais. Discute-se como a evolução por seleção natural e a organização biológica do sistema nervoso permitem explicar as bases da individualidade, da intencionalidade, de representações simbólicas e do significado. Fenômenos observados em pacientes com danos neurológicos reforçam a concepção de funcionamento modular do sistema nervoso; a consciência não seria uma propriedade exclusiva de um módulo único do sistema nervoso, mas fruto do funcionamento sincrônico de diferentes módulos.

  12. DESBASTE DE MUDAS TIPO FILHOTE DO ABACAXI CV. PÉROLA: 1. PRODUÇÃO E QUALIDADE DO FRUTO SLIPS THINNING FROM THE PINEAPPLE CV. PÉROLA: 1. PRODUCTION AND FRUIT QUALITY

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    VALMIR PEREIRA DE LIMA

    2001-12-01

    Full Text Available O abacaxizeiro Pérola tem como uma das suas principais características a geração de elevado número de mudas tipo filhote, formando um cacho na parte superior do pedúnculo. Os filhotes desenvolvem-se no mesmo período da formação do fruto. Em plantio comercial na região do litoral Norte da Bahia, foi desenvolvido este estudo com o objetivo de avaliar o efeito do desbaste de mudas tipo filhote sobre aspectos vegetativos e produtivos do abacaxi cv. Pérola, cultivado sob condições de sequeiro. Nesta primeira parte, serão apresentados os efeitos sobre a produção e a qualidade do fruto. Em delineamento em blocos completos ao acaso, com sete repetições, foram estudados seis tratamentos, sendo a testemunha, sem desbaste, e os seguintes cinco níveis de desbaste de mudas tipo filhote: 1 - todas as mudas desbastadas; 2 -mantidas duas mudas do lado do sol poente; 3 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de cima para baixo; 4 - mantidas quatro mudas, com desbaste, de baixo para cima; 5 - mantidas seis mudas. Por meio da análise de variância e teste de comparação entre as médias, foram avaliados aspectos da qualidade química e física dos frutos, tais como sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, relação SST/ATT, peso do fruto com coroa, comprimento do fruto, peso e comprimento da coroa, produtividade, número e o peso médio dos frutos. O desbaste não determinou diferenças estatísticas para a produtividade da cultura e o peso do fruto, observando-se, no entanto, tendência consistente para a elevação dos valores deste último. O desbaste de mudas não afetou a qualidade do fruto, que apresentou características químicas, físicas e físico-químicas dentro dos padrões da cultivar Pérola.One of the main characteristics of the pineapple cv. Pérola is the generation of numerous plantlets called slips located at the upper part of the peduncle. The slips develop at the same period of fruit formation. In a

  13. Qualidade de fruto e produtividade de pessegueiros submetidos a diferentes épocas de poda

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michél Aldrighi Gonçalves

    2014-01-01

    Full Text Available Com o presente trabalho objetivou-se avaliar as características produtivas de diferentes genótipos de pessegueiro (Prunus persica (L. Batsch., submetidos a podas em épocas distintas na região de Pelotas-RS. O experimento foi conduzido em uma área experimental pertencente à Embrapa Clima Temperado (CPACT, durante os anos de 2009 e 2010. Os tratamentos foram compostos de combinações de três épocas de poda [poda de inverno (PI, poda de inverno mais poda de verão (PIV e poda de verão (PV] e três genótipos [Cascata 805, Cascata 834 (BRS Kampai e Cascata 952 (BRS Rubimel], resultando em nove tratamentos distintos. Para as variáveis firmeza de frutos, pH, sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, relação SS/AT e cor, não foi verificada interação entre os fatores estudados. Os frutos de BRS Kampai apresentaram maior firmeza, assim como a poda apenas no período de verão. O genótipo BRS Kampai apresentou frutos com maior SS e AT dentre os estudados e as plantas de BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram frutos com coloração vermelha mais intensa de epiderme, independentemente da época de poda. Verificou-se que a poda apenas no período de verão induziu à produção de frutos menores. Os genótipos BRS Kampai e BRS Rubimel apresentaram produtividades semelhantes, independente do sistema de poda aplicado. Em geral, as características físico-químicas dos frutos não são alteradas com as variações de época de poda estudadas. No entanto, as variáveis de qualidade física e as relacionadas com a produção sofrem influência direta da época de poda.

  14. Gastropatía por Aines. Factores de Riesgo y Hallazgos Endoscópico. Banes 2008.

    OpenAIRE

    Jorge Luís Pérez Jará; Raymond Cruz Tillán; Lisandra Naranjo García

    2009-01-01

    Se realizó un estudio descriptivo de corte transversal y retrospectivo, con el fin de describir el comportamiento de la Gastropatía aguda por AINES teniendo en cuenta factores de riesgo y hallazgos endoscópicos, en el Hospital Clínico Quirúrgico y Policlínica César Fornet Fruto, de Banes, en el año 2008. El universo quedó constituido por 65 personas, los datos se plasmaron en un formulario confeccionado para este fin. La tasa de prevalencia de Gastropatía por Aines fue de 18.51 por cada cien ...

  15. Morfoanatomia e ontogênese dos frutos e sementes de Clusia lanceolata Cambess. (Clusiaceae = Morphology, anatomy and ontogeny of the fruits and seeds of Clusia lanceolata Cambess. (Clusiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Marzinek

    2010-10-01

    Full Text Available Clusia lanceolata Cambess é espécie arbustiva da Mata Atlântica. Caracteriza-se por ser dioica, com flores estaminadas e pistiladas grandes, vistosas, de coloração rosa, apresentando a parte interna vinácea. Foram descritos aspectos morfológicos e estruturais dos frutos e sementes dessa espécie, visando classificar corretamente o seu tipo de fruto e, também, confirmar a origem do apêndice carnoso que envolve as sementes. O material botânico utilizado constou de flores em antese e frutos, em quatro estádios de desenvolvimento, coletados de dois espécimes. Os estudos morfológicos e anatômicos foram realizados segundo técnicas usuais. O fruto é cápsula septífraga, esférica, de coloração verde-avermelhado. O exocarpo é unisseriado; o mesocarpo parenquimático contém numerosos ductos secretores e feixes vasculares, de disposição principalmente longitudinal. O endocarpo é derivado da epiderme interna do ovário e de três a quatro camadas subepidérmicas, cujas células alongam-se tangencialmente e a parede que delimita o lóculo sofre lignificação. A abertura se faz pela sutura carpelar, por meio de uma faixa de células parenquimáticas de tamanho reduzido, que se bifurca em direção aos lóculos no meio dos septos. Os óvulos anátropos bitegumentados, com endotélio e hipóstase, originam sementes também anátropas, exotégmicas e envolvidas por arilo de origem funicular e exostomal. O embrião é hipocotilar.Clusia lanceolata Cambess. is a shrub species native to the Atlantic Forest. The plant is dioecious, with large, showy, pink staminate and pistillate flowers that are wine-colored internally. The morphological and structural aspects of the fruits and seeds of this species are described here in order to correctly classify the fruit type and to determine the origin of the fleshy appendage that surrounds the seeds. The botanical material utilized here contained flowers in anthesis and fruits in four stages of

  16. Physicochemical, nutritional, and antioxidant characteristics of the fruit of Ehretia tinifolia Características fisicoquímicas, nutricias y antioxidantes del fruto de Ehretia tinifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Fernando Pío-León

    2012-03-01

    Full Text Available Physicochemical characteristics of Ehretia tinifolia L. fruit are presented for the first time. The fruit of this plant is a small drupe of 8 mm diameter and weighs 0.2 g. Its pulp is slightly acidic (pH 5.8 with a high ratio of soluble solids (11 °Brix to acidity (0.1%. The antioxidant activity of E. tinifolia fruits (DPPH, 303.8 mg EVC/100 g f.w.; ABTS, 84.1 mg EVC/100 g f.w.; DPPH, ABTS and EVC mean 1,1-diphenyl-2-picrylhydrazyl, 2,2'-azino-bis(3-ethylbenzothiazolin-6-sulfonate diammonium salt, and equivalents of vitamin C, respectively was similar or higher than reported for several tropical fruits (e.g. orange, guava, and prickly pear. Ehretia tinifolia fruit has a high content of ash (12.6 mg/100 g d.w.. The edible portion is an important source of selenium (0.1 mg/100 g d.w. and total fatty acids were 834.8 mg/100g d.w.; the main fatty acids were palmitic (27.6%, linoleic (26.4%, linolenic (18.1%, and oleic (17.6%. The content of fatty acids of seeds was 5 137.5 mg/100 g d.w., with linoleic (54.3%, oleic (22.9%, and palmitic (12.7% as main components.Se presentan por vez primera características fisicoquímicas del fruto de Ehretia tinifolia L. Este fruto es una drupa pequeña de 8 mm de diámetro y 0.2 g, su pulpa es ligeramente ácida (pH 5.8 y la relación de sólidos solubles (11 °Brix a acidez (0.1% es alta. La actividad antioxidante de los frutos de E. tinifolia (DPPH, 303.8 mg EVC/100 g p.f.; ABTS, 84.1 mg EVC/100 g p.f.; EVC significa equivalentes de vitamina C fue similar o mayor que lo registrado para varios frutos tropicales (e.g. naranja, guayaba o tuna. El fruto presenta un alto contenido de cenizas (12.6 mg/100 g p.s.. La porción comestible es una fuente importante de selenio (0.1 mg/100 g p.s. y el total de ácidos grasos fue de 834.8 mg/100g p.s.; los principales ácidos grasos fueron palmítico (27.6%, linoleico (26.4%, linolénico (18.1% y oléico (17.6%. El contenido de ácidos grasos de las semillas fue 5 137.5 mg

  17. Ontogenia do fruto em desenvolvimento de Alternanthera tenella Colla e Amaranthus blitum Linnaeus (Amaranthaceae Ontogeny of fruits of Alternanthera tenella Colla and Amaranthus blitum Linnaeus (Amaranthaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanessa de Carvalho Harthman

    2012-09-01

    Full Text Available Alternanthera tenella Colla e Amaranthus blitum Linnaeus são espécies invasoras que ocorrem em culturas e terrenos baldios na região de Maringá, Paraná. O trabalho teve por objetivo a análise morfoanatômica dos frutos em desenvolvimento e estruturas não pericárpicas dessas duas espécies, com a finalidade de contribuir com informações estruturais para identificação das espécies, classificação dos frutos e investigações ecológicas. Flores e frutos foram coletados no campus da Universidade Estadual de Maringá, fixados em Glutaraldeído, secionados em micrótomo de rotação e corados com a azul de Toluidina. As bractéolas e perigônio são persistentes nos frutos e têm estrutura diferente nas duas espécies. O aquênio de Alternanthera tenella mantém o mesmo número de estratos celulares que o ovário, que sofrem colapso na fase madura, exceto o mesocarpo interno que se mantém com espessamento parietal em U e cristais. O utrículo de Amaranthus blitum é semelhante ao ovário em número de camadas celulares e apresenta aerênquima quando maduro. As sementes maduras são exotestais, com mesotesta e endotesta colapsadas, e embrião curvo. Nesse estudo, foram registrados alguns caracteres estruturais dos perigônios e dos frutos que são potencialmente significativos para caracterização e separação das espécies, ao contrário das sementes que são muito semelhantes.Alternanthera tenella Colla and Amaranthus blitum Linnaeus are weeds that occur in crops and uncultivated areas in the Maringá region of Paraná. In this study, a morphoanatomical analysis of fruit development and the pericarp of A. tenella and A. blitum was made in order to contribute structural information for species identification, fruit classification, and ecological investigations. Flowers and fruits were collected at the campus of the State University of Maringá, Paraná, fixed in glutaraldehyde, sectioned with a rotary microtome and stained with

  18. Comparative morphological analysis of cherry tomato fruits from three cropping systems Análise morfológica comparativa de frutos tomate cereja provenientes de três sistemas de cultivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Cachoeira Stertz

    2005-06-01

    Full Text Available Attempts to meet produces market demand are not always followed by research reports showing the impact of novel, intensive cropping systems on the environment, human and animal health, and eventual chemical and structural changes of plants. This work carries a comparative evaluation of the morphology and anatomy of cherry tomato fruits obtained from organic, conventional and hydroponic cropping systems. Fruits were collected at the free market in the greater Curitiba, Paraná, Brazil. For each culture method, 50 fruits their weight, diameter and volume measured. For the anatomical analysis, samples of the pericarp of ten fruits were excised and embedded in glycol methacrylate; 6-mm cuts were then obtained, stained with toluidine blue, and mounted on permanent glass slides. The anatomical analysis and illustrations were performed in Olympus and Zeiss photonic microscope. Samples obtained from the organic cropping system presented the highest mass, diameter, volume and density. The pericarp of fruits, obtained from the conventional cropping system presented larger but less abundant cells in comparison to the pericarp of the hydroponic and organic-produced fruits.A ciência agrícola buscou novas formas de cultivo para atender às exigências de mercado e dividiu-se em três grandes vertentes: os sistemas de cultivo orgânico, convencional e hidropônico. Todavia, esses avanços nem sempre foram acompanhados por pesquisas que objetivassem apontar o impacto de uma nova técnica agrícola sobre o ambiente, a saúde humana e animal e aos próprios vegetais em seus aspectos químicos e estruturais. Este trabalho tem por objetivo o estudo comparativo da morfo-anatomia do fruto do Lycopersicon esculentum var. cerasiforme (Duval A. Gray, cultivado nos sistemas orgânico, convencional e hidropônico. Os frutos foram coletados no comércio varejista da Região Metropolitana de Curitiba, Paraná, Brasil. Para cada cultivo foram analisados 50 frutos. Cada

  19. Produção e características qualitativas dos frutos de híbridos de maracujazeiro-amarelo Yield and fruit qualitative characteristics of passion fruit hybrids

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo Vicente Contador Zaccheo

    2012-12-01

    Full Text Available A pequena disponibilidade de genótipos melhorados de maracujazeiro-amarelo contribui para a baixa produtividade da cultura no Brasil. Materiais genéticos devem ser desenvolvidos visando ao incremento da produtividade e da qualidade dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e as características qualitativas dos frutos de 36 híbridos de maracujazeiro-amarelo cultivados no norte do Paraná. As avaliações dos híbridos foram realizadas durante dois ciclos de produção da cultura, de abril a julho de 2007 e de janeiro a julho de 2008, com coletas semanais dos frutos maduros. A produção foi determinada a partir da produção total e do número de frutos por planta. Para as características qualitativas, foram avaliadas: massa, comprimento, diâmetro e relação entre comprimento e diâmetro dos frutos, além de espessura da casca, rendimento de polpa, teor de sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT e relação SST/ATT. A produção, em quilos de fruta por planta, situou-se entre 20 e 40 no primeiro ciclo e 54 a 96 no segundo, o que representa uma produtividade de 30 a 53 ton ha-1 para o conjunto das duas safras. Os híbridos '40' e '43'apresentam, respectivamente, maior produção e maior número de frutos no primeiro ciclo de produção Os frutos do híbrido '36' destacaram-se no atendimento das caracteristicas desejáveis de qualidade para o consumo in natura, enquanto os híbridos '43' e '60' apresentaram caracteristicas importantes para a indústria de sucos.The small number of improved genotypes of passion fruit contributes to the low productivity of this crop in Brazil. New genetic materials should be developed to increase yield and fruit quality. The aim of this study was to evaluate the yield and the qualitative characteristics of 36 passion fruit hybrids grown in northern Paraná. The evaluations were carried out during two production cycles, from April to June 2007 and from January to July

  20. Produção e caracterização de frutos de bananeira 'Prata-Anã'e 'Prata-Zulu' Production and characterization of 'Prata Anã'and 'Prata Zulu' banana fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Erval Rafael Damatto Júnior

    2005-12-01

    Full Text Available O trabalho objetivou comparar o ciclo cultural e a produção, além de avaliar atributos físico-químicos e sensoriais de frutos de bananeiras das cultivares Prata-Anã e Prata-Zulu, nas condições de Botucatu-SP. Foram avaliadas as seguintes características em campo: número de dias entre o plantio e o florescimento; número de dias entre o florescimento e a colheita; ciclo; peso do cacho; número de frutos por cacho; número de pencas por cacho; peso, número de frutos, comprimento e diâmetro dos frutos da 2ª penca. As análises físico-químicas foram realizadas no dia da colheita e a cada 3 dias, num período de 12 dias, sendo determinados: perda de massa, firmeza, relação polpa/casca, pH, acidez total titulável, e sólidos solúveis totais. Na análise sensorial, avaliou-se a aceitação dos atributos sabor, textura, aparência, aroma e apreciação geral dos frutos. Com os resultados obtidos, verificou-se que a cultivar Prata-Zulu apresentou produção bastante superior à 'Prata-Anã', o que indica ser uma cultivar com boas características agronômicas. Apesar de a cultivar Prata-Zulu apresentar maior perda de massa e menor firmeza, apresentou como vantagem frutos mais doces (maior SST; mesmo assim, a preferência do consumidor é pela 'Prata-Anã', que apresenta como principal vantagem as dimensões do fruto, que são menores, tornando-se assim mais práticos para o consumo.This work aimed to compare the cultural cycle, production and evaluate physic chemistry and sensorial characteristics of banana fruits Prata Anã and Prata Zulu cultivars, produced in Botucatu-SP. It was evaluated the following field characteristics: days between planting and blooming; days between blooming and harvest, cycle; bunch weight; number of fruits in the bunch; number of hands in the bunch; weight, number of fruits, fruits length; and fruits diameter in the 2nd hand. The physics chemistry analyses were realized in the harvest day and every 3 days

  1. Qualidade da bebida de café de frutos cereja submetidos a diferentes manejos pós-colheita Quality of coffee drink from fruits submitted to different post-harvest management practices

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Laércio Favarin

    2004-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da bebida de café obtida de frutos cereja submetidos a diferentes práticas de manejo pós-colheita, considerando-se infecções iniciadas na planta e persistentes durante o tempo de exposição às fontes infectantes. Admitiu-se que os grãos de cereja recolhidos na planta têm máximo potencial de qualidade da bebida, avaliada por meio de testes rápidos e análise sensorial. Foram adotados oito tratamentos, formados pela combinação de quatro manejos pós-colheita e frutos de café com e sem desinfecção por cloreto de benzalcônio. A qualidade da bebida de grãos de frutos cereja não foi prejudicada pelo manejo pós-colheita, mesmo sob exposição às infecções por até 12 horas após a derriça. Os testes rápidos não se correlacionaram com a análise sensorial da bebida, e o teste da condutividade elétrica foi mais sensível que o da lixiviação de potássio. Ambos indicaram alterações nos grãos de frutos expostos às infecções após seis horas da colheita. A desinfecção superficial dos frutos foi eficiente até a primeira hora após a imersão, diminuindo o número de frutos infectados por Cladosporium sp., Penicillum sp. e Alternaria sp.The objective of this work was to evaluate the quality of the coffee drink from fruits with different post-harvest management practices, considering the initial plant disease infection and during the coffee fruit exposition period. The following basic assumptions were defined: the harvested grain from the plant has higher coffee fruit drink potential quality, and the quality can be evaluated using fast tests and sensorial analysis. Eight treatments were established based on the post-harvest management with and without benzalcone chloride disinfection. The coffee fruit drink quality was not affected by the post-harvest management, including the treatment with 12 hours grain exposition after harvest. The fast tests were not correlated with

  2. Inducción de polifenoloxidasa en frutos de lulo (Solanum quitoense como respuesta a la infección con Colletotrichum acutatum Polyphenol Oxidase Induction in Lulo Fruits (Solanum quitoense Infected by Colletotrichum acutatum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Higuera Blanca L.

    2007-12-01

    Full Text Available Se evaluó la actividad polifenoloxidasa (PFO en corteza de frutos de lulo con el fin de determinar su participación en respuestas hacia el patógeno Colletotrichum acutatum, causante de la antracnosis. Se estudiaron condiciones para la adecuada extracción de esta enzima, encontrándose que con buffer fosfatos 100 mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP se logran las mayores actividades. Se determinaron como mejores parámetros para medir la actividad de la enzima extraída, sustrato catecol 40 mM, pH 7,0, 23 °C y 30 µL de extracto. Para determinar su posible inducción en la interacción con el patógeno, se realizó un ensayo in vivo usando frutos verdes, pintones y maduros, inoculados con el hongo o con agua estéril. A nueve tiempos postinoculación se determinó la actividad PFO encontrándose que hay una respuesta diferencial con el tiempo y la madurez de los frutos y por efecto del patógeno. Se obtuvo aumento de actividad en lulos verdes a 48, 96 y 144 horas postinoculación (hpi y en maduros a la mayoría de los tiempos evaluados, siendo éste estado en el que se presentó la respuesta más notable de inducción. En pintones aumentó solo a 72 y 144 hpi. Los mayores valores se registraron en general para frutos en estado verde. Los frutos respondieron al estrés ocasionado por la herida activando también esta enzima. La inducción de actividad se presentó a tiempos más rápidos en los frutos menos afectados por la enfermedad (verdes y maduros, por lo que se puede postular una relación positiva entre inducción de PFO y respuesta de tolerancia a la antracnosis.Polyphenol oxidase (PFO activity induction was evaluated in lulo fruits to determine the role of this enzyme in resistance responses towards the pathogen Colletotrichum acutatum which causes anthracnose disease. We studied the experimental conditions to obtain the enzyme, using lulo peel, and found that extraction with phosphates buffer 100 mM pH 7, 1

  3. INDUCCIÓN DE POLIFENOLOXIDASA EN FRUTOS DE LULO (Solanum quitoense COMO RESPUESTA A LA INFECCIÓN CON Colletotrichum acutatum Polyphenol Oxidase Induction in Lulo Fruits (Solanum quitoense Infected by Colletotrichum acutatum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    OBRADITH CAICEDO O

    Full Text Available Se evaluó la actividad polifenoloxidasa (PFO en corteza de frutos de lulo con el fin de determinar su participación en respuestas hacia el patógeno Colletotrichum acutatum, causante de la antracnosis. Se estudiaron condiciones para la adecuada extracción de esta enzima, encontrándose que con buffer fosfatos 100 mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP se logran las mayores actividades. Se determinaron como mejores parámetros para medir la actividad de la enzima extraída, sustrato catecol 40 mM, pH 7,0, 23 °C y 30 µL de extracto. Para determinar su posible inducción en la interacción con el patógeno, se realizó un ensayo in vivo usando frutos verdes, pintones y maduros, inoculados con el hongo o con agua estéril. A nueve tiempos postinoculación se determinó la actividad PFO encontrándose que hay una respuesta diferencial con el tiempo y la madurez de los frutos y por efecto del patógeno. Se obtuvo aumento de actividad en lulos verdes a 48, 96 y 144 horas postinoculación (hpi y en maduros a la mayoría de los tiempos evaluados, siendo éste estado en el que se presentó la respuesta más notable de inducción. En pintones aumentó solo a 72 y 144 hpi. Los mayores valores se registraron en general para frutos en estado verde. Los frutos respondieron al estrés ocasionado por la herida activando también esta enzima. La inducción de actividad se presentó a tiempos más rápidos en los frutos menos afectados por la enfermedad (verdes y maduros, por lo que se puede postular una relación positiva entre inducción de PFO y respuesta de tolerancia a la antracnosis.Polyphenol oxidase (PFO activity induction was evaluated in lulo fruits to determine the role of this enzyme in resistance responses towards the pathogen Colletotrichum acutatum which causes anthracnose disease. We studied the experimental conditions to obtain the enzyme, using lulo peel, and found that extraction with phosphates buffer 100 mM pH 7, 1% SDS y 1% PVPP showed higher

  4. Fertirrigación con macronutrientes en manzano ‘Golden Delicious’: Impacto en rendimiento y calidad de fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juan Manuel Soto Parra

    2016-01-01

    Full Text Available Introducción: Ante la creciente escasez del agua y alto costo de insumos agrícolas, son indispensables alternativas tecnológicas que aumenten el rendimiento de los cultivos y mejoren la calidad de la fruta. La nutrición vegetal es esencial para incrementar la producción y mejorar la calidad y capacidad de conservación del fruto. El objetivo del estudio fue evaluar el efecto de la fertirrigación con macronutrientes en el rendimiento y la calidad de la manzana al momento de la cosecha y después de un período de almacenamiento en atmósfera cotrolada. Metodología: El estudio se realizó en la Huerta “La Semilla” de la Facultad de Ciencias Agrotecnológicas de la Universidad Autónoma de Chihuahua, durante el ciclo de producción 2014. Se utilizaron árboles ‘Golden Delicious’ /MM111 plantados en 1990, para generar los tratamientos se utilizó un diseño factorial Taguchi L25 con 5 factores (los minerales evaluados y 5 niveles (dosis kg ha-1 por cada factor: Nitrógeno (0, 60, 120, 180 y 240, fósforo (0, 24, 48, 72 y 96, potasio (0, 20, 40, 60 y 80, calcio (0, 48, 96, 144, 192 y magnesio (0, 10, 20, 30 y 40 y 5 repeticiones por cada tratamiento. Se midierion atributos de calidad (color, firmeza, sólidos solubles totales- SST, acidez titulable-AT y relación SST/AT al momento de la cosecha (125 días después de completa floración y al cabo de un período de almacenamiento de 5 meses en atmósfera controlada más un período adicional de 7 días a temperatura ambiente para simular vida de anaquel. Los resultados se analizaron por el método de superficies de respuesta máxima. Resultados: El calcio, en una proporción cercana a 1:1 con nitrógeno, afectó de manera relevante la calidad de la fruta, observándose un mayor efecto durante el almacenamiento que al momento de la cosecha. El nitrógeno tuvo un efecto directo sobre la firmeza, SST, AT y relación SST/AT en cosecha, y en postcosecha en el color del fruto y la AT. El f

  5. Produtividade e qualidade de frutos de pepino africano em resposta à adubação nitrogenada

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Guilherme Antunes

    2014-02-01

    Full Text Available O pepino africano (Cucumis metuliferus é uma planta nativa do continente africano, com potencial para comércio internacional, destinado tanto ao consumo, na forma de sucos, como ao uso farmacêutico. Todavia, pouco se sabe sobre seu manejo cultural, em nossas condições, sobretudo quanto à adubação nitrogenada. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de doses de nitrogênio sobr e o crescimento da planta, a produtividade e a qualidade de frutos. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação, em vasos de 10 L. Constou de seis tratamentos, correspondentes às doses de N de 0, 40, 80, 120, 160 e 200 kg ha-1, distribuídas no delineamento inteiramente casualizado, com 11 repetições. Avaliaram-se: produção de frutos, massas de matéria seca de parte aérea e de raízes e características físicas e químicas de frutos. O número de frutos e a massa de matéria fresca de frutos apresentaram valores máximos estimados de 2,24 frutos/planta e de 516,41 g/planta, respectivamente, com as doses de 122,50 e de 154,44 kg ha-1 de N. A massa média de fruto estimada foi de 240,27 g/fruto, obtida com a dose máxima testada (200 kg ha-1 de N. A massa seca de parte aérea teve máximo estimado de 39,12 g/planta, com a dose de 144,0 kg ha-1 de N. As doses de N não interferiram na qualidade dos frutos. Para o cultivo do pepino africano, sugere-se a dose de 154,44 kg ha-1 de N, que proporciona 2,18 frutos/ planta, com massa média de 237,07 g/fruto, e produtividade estimada de 516,41 g/planta.

  6. por valores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jazmín Díaz-Barrios

    2005-01-01

    Full Text Available La era actual se caracteriza por una búsqueda de la identidad del hombre, donde el pivote del cambio organizacional es el individuo; cambiar en este entorno depende, en gran medida, de los valores que imperen en la cultura de la organización. Este trabajo documental intenta identificar aquellos valores, condición sine-qua-non, para el logro de los objetivos de cambio y analizarlos a fin de determinar sus indicadores, con el objeto de presentar una herramienta a las organizaciones que les facilite adaptarse a los nuevos tiempos. Se encontró que los valores: Delegación, Comunicación, Colaboración, Participación y Aprendizaje, son esenciales en los cambios integrales de esta era. Se determinaron 20 indicadores de su presencia. Se concluye que con esta información cada ente puede elaborar instrumentos que le permitan saber si los valores requeridos están presentes y en caso contrario tomar decisiones que alineen a la organización alrededor de los valores humanistas planteados, incrementando así las posibilidades de éxito en el proceso de cambio y por ende, las posibilidades de supervivencia en esta nueva época.

  7. CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E QUÍMICA DE FRUTOS DO PEQUIZEIRO (Caryocar brasiliense Camb. ORIUNDOS DE DUAS REGIÕES NO ESTADO DE GOIÁS, BRASIL PHYSICAL AND CHEMICAL CHARACTERISTICS OF PEQUI (Caryocar brasiliense Camb. FRUITS FROM TWO AREAS IN THE GOIÁS STATE, BRAZIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Soares Soares Júnior

    2007-09-01

    Full Text Available

    O trabalho teve como objetivo avaliar características físicas e químicas de frutos de pequizeiro, oriundos das regiões de Araguapaz e Mambaí, Estado de Goiás. Foram utilizadas cinco repetições, com dezesseis frutos para cada determinação, em delineamento experimental inteiramente casualizado. Os critérios avaliados foram: as massas do fruto, da casca e das sementes não desenvolvidas (frutilhos, as dimensões dos frutos e dos pirênios (mesocarpo interno, endocarpo e amêndoa, o número de pirênios, as massas totais de pirênios, de polpa e de amêndoas, os teores de umidade, de extrato etéreo e de proteínas na polpa e o pH da polpa. Observou-se que houve diferenças (p<0,05 entre os frutos das duas regiões, exceto na média da massa de frutilhos por fruto (p>0,05. Os frutos provenientes de Araguapaz apresentaram menores massas e dimensões de fruto e pirênios, e maiores rendimentos de polpa e amêndoas, bem como maiores teores de proteínas e extrato etéreo, do que os frutos oriundos de Mambaí. Conclui-se que os frutos de pequizeiro de Araguapaz têm maior valor nutricional e são mais apropriados para uso nas indústrias processadoras do que os frutos da região de Mambaí.

    PALAVRAS-CHAVE: Valor nutricional; pequi; cerrado.

    The objective of this study was to evaluate physical and chemical characteristics of Caryocar brasiliense fruits originated from Araguapaz and Mambaí regions, Goiás State, Brazil. Five replicates, with sixteen fruits for each determination were used in a completely randomized experimental design. The evaluated quality criteria were: fruit, peel, and not developed seed (fruitlet masses; fruit and pit (internal mesocarp, endocarp, and nut number and dimensions; pit, pulp, and nut total dimensions, and moisture content; pulp ethereal

  8. Identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia e colonização do fungo nos frutos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Firmino

    2014-12-01

    Full Text Available A atemóia é um híbrido Annona cherimola com A. squamosa. A antracnose, causada por Colletotrichum sp., é uma importante doença da atemóia, causando danos em diferentes órgãos da planta, destacando àqueles causados nos frutos, tanto na pré como na pós-colheita. Diante deste problema, o presente trabalho teve como objetivo realizar a identificação de espécies de Colletotrichum associados à antracnose em plantas de atemóia através do seqüenciamento de diferentes regiões do DNA deste fungo e acompanhar as etapas de colonização de frutos de atemóia por este fungo através de microscopia eletrônica de varredura. Após extração de DNA, foi realizado o seqüenciamento dos genes da β-tubulina e α-elongase e da região do ITS-5.8S rDNA do DNA dos fungos. Das 15 amostras sequenciadas seis foram identificadas como Colletotrichum acutatum e as outras foram identificadas como C. boninense. A espécie C. acutatum foi encontrada somente em amostras obtidas de folhas de atemóia, enquanto que a espécies C. boninense foi identificada de amostras obtidas de frutos, ramos e folhas doentes. Todas as etapas da doença ocorreram nas 48 horas, sendo que foi observada a germinação dos esporos entre duas e quatro horas após a inoculação

  9. Condições climáticas, caracteristicas do fruto e sistema de colheita na qualidade fisiológica de sementes de jacarandá Climatic conditions, fruit characteristics and harvest system on physiological quality of jacaranda seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cibele Chalita Martins

    2008-08-01

    Full Text Available As características dos frutos coletados e o sistema de colheita utilizado dependem da espécie que se está estudando. Esses parâmetros devem ser bem estabelecidos para permitir a obtenção de sementes com máxima germinação e vigor. Com o objetivo de determinar as características dos frutos e o sistema de colheita mais favorável à qualidade fisiológica de sementes de Jacaranda cuspidifolia Mart., por dois anos consecutivos foram colhidos frutos na árvore (verdes fechados, marrons fechados e marrons abertos e frutos marrons no chão. As sementes foram extraídas, limpas e avaliadas quanto ao teor de água, germinação e vigor (primeira contagem do teste de germinação, comprimento da parte aérea e da radícula das plântulas e porcentagem de emergência. Para a obtenção de sementes de jacarandá com melhor qualidade fisiológica, os frutos devem ser colhidos na árvore marrons, abertos ou fechados e com teor de água inferior a 24,4%.The characteristics of the collected fruits and its harvest system depend on the studied specie. These parameters must be well established to obtaining seeds with maximum germination and vigor. The objective of this study was to determinate the fruit characteristics and harvest system more favorable to physiological quality of Jacaranda cuspidifolia Mart. seeds, collecting during two years fruits from trees (green closed, brown closed and brown opened, and brown fruits on floor. Seeds were extracted, cleaned, and had evaluated the moisture content, germination and vigor (first counting of the germination test, seedling shoot and root growth and percentage of seedling emergence. Best physiological quality of jacarandá seeds was obtained with the harvest of brown fruits, opened or closed, on the trees with moisture content lower than 24.4%.

  10. Produção de frutos e características morfofisiológicas de Schinus terebinthifolius Raddi., na região do baixo São Francisco, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Danilla Cristina Lemos Souza

    2013-10-01

    Full Text Available Espécies florestais com potencial econômico, como é o caso da aroeira (Schinus terebinthifolius Raddi., requerem a seleção de indivíduos com características superiores para uso em projetos de restauração florestal e para o estabelecimento de plantios comerciais. Estas plantações podem contribuir para a sustentabilidade de populações naturais de espécies nos fragmentos florestais remanescentes, em áreas de preservação permanente, reservas legais ou outras áreas de importância ecológica. Foi avaliada a produção de frutos, morfometria e viabilidade de sementes de 15 indivíduos de aroeira, em diferentes fragmentos, na região do Baixo São Francisco sergipano. A produção de frutos foi estimada pelo índice de intensidade de Fournier e as características morfométricas foram obtidas com paquímetro e balança analítica digital. A viabilidade e o vigor foram avaliados por meio da porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação (IVG, sob condições controladas. Os resultados da produção de frutos foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (p <0,05. Para as demais variáveis foi utilizado o teste de Scott-Knott (p <0,05. Os indivíduos diferiram em índices de Fournier (índices 1, 2, 3 e 4 e no tamanho de frutos e sementes. A germinação variou de 0 a 83% e o IVG de 0,00 a 0,98. As diferenças fenotípicas observadas entre os indivíduos para a produção de frutos e características morfofisiológicas podem ser exploradas em restauração florestal e estabelecimento de testes de procedências/progênies, visando à discriminação de material superior para futuros plantios comerciais.

  11. Avaliação física, química e fitoquímica de frutos de Physalis, ao longo do período de colheita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cláudia Simone Madruga Lima

    2012-12-01

    Full Text Available Physalis peruviana L. é uma espécie que vem sendo incorporada em plantios de pequenas frutas. Esta frutífera é tratada como anual, e o principal método de propagação é por sementes. Seu cultivo apresenta uma dinâmica de colheita diferenciada, com duração do período de colheita superior a três meses. Acredita-se que, devido ao extenso período de colheita, associado a diferentes épocas de semeadura, irão ocorrer variações nas características dos frutos. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físicas, químicas e fitoquímicas de frutos de Physalis peruviana ao longo do período de colheita, em função de duas épocas de plantio. O experimento foi realizado no período de 2007/2008. A semeadura foi realizada em duas épocas (04-09-2007 e 26-11-2007, e o transplante foi realizado quando as plantas estavam no estádio de duas folhas verdadeiras. Os frutos foram colhidos aos 120; 150; 180; 210 e 240 dias após o transplante e avaliados quanto à massa total e a coloração da epiderme, assim como quanto aos seus teores de sólidos solúveis (SS, acidez titulável (AT, fenóis e de carotenoides totais, razão SS/AT e atividade antioxidante. Os frutos de Physalis apresentaram variações físicas, químicas e fitoquímicas ao longo do período de colheita, para as duas datas de semeadura. O desenvolvimento das plantas, após o transplantio, levou a acréscimo nos valores de massa, nos teores de sólidos solúveis, fenóis e carotenoides, assim como na razão SS/AT. Na coloração e na atividade antioxidante, os maiores valores foram obtidos na primeira colheita (120 dias. A semeadura realizada em setembro proporcionou a obtenção de frutos com melhor qualidade.

  12. ATIVIDADE RESPIRATÓRIA EM MITOCÔNDRIAS ISOLADAS DA POLPA DO MAMÃO UENF/CALIMAN 01 E TAINUNG 01 NA CONSERVAÇÃO DO FRUTO EM PÓS-COLHEITA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LÍGIA RENATA ALMEIDA DA SILVA

    2015-06-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo comparar a atividade respiratória em mitocôndrias isoladas e os atributos físicos e químicos da polpade dois híbridos de mamão, UENF/Caliman01 (UC01 e Tainung01,durante o amadurecimento dos frutos. Oamadurecimento dos frutos não mostrou diferenças significativas entre os genótipos na luminosidade (L, no croma (C e no ângulo hue da casca. A perda de massa (PMe as firmezas do fruto (FF e domesocarpo (FM diferiram entre os genótipos, sendo que a FF e a FM diminuíram com o tempo após a colheita,ao contrário da PM, que aumentou no mesmo período. A atividade respiratória nas mitocôndrias isoladas mostrou diferenças entre os genótipos quanto à respiração total (RT, sendo maior e decrescente no Tainung01 e constante no UC01 durante o amadurecimento dos frutos. Durante esse período, verificou-se que a participação da via oxidase alternativa (AOX foi crescente, contra uma participação decrescente da via citocromo oxidase (COX em ambos os híbridos, indicando um crescente desacoplamento das mitocôndrias, o que pode estar associado às rápidas transformações bioquímicas que acarretam a senescência do órgão. A partir desses resultados, sugere-se investigar materiais genéticos com menor atividade AOX, ou formas de minimizar a atividade respiratória nos frutos em pós-colheita. A AOX apresentou alta correlação positiva com a PM e negativa com a FF e a FM. O inverso foi observado para COX. A RT apresentou correlação positiva apenas com a FM. As correlações apontam a viabilidade de estimar a atividade respiratória por meiode análises mais simples, como a PM, a FF e a FM, facilitando a pesquisa na área.

  13. Intensidade de poda na produção e na qualidade dos frutos de mirtileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André Luiz Radünz

    2014-03-01

    Full Text Available O mirtileiro possui frutos com alto potencial antioxidante e nutracêutico. Este potencial pode ser influenciado pela severidade da poda nas plantas, principalmente em função do impacto na produção e dos efeitos do aumento da radiação solar incidente sobre os frutos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da intensidade da poda seca sobre a produção e os atributos de qualidade dos frutos de mirtileiro das cultivares Clímax, Bluegem e Powderblue, produzidas na mesorregiäo de Pelotas-RS. Para tal, foi conduzido um experimento no município de Morro Redondo-RS, durante a safra de 2012/2013, sendo utilizadas as cultivares grupo "Rabbiteye", Clímax, Bluegem e Powderblue. A poda foi realizada em três níveis de remoção de ramos: normal, média e leve, no dia 20 de julho de 2012. A intensidade de poda seca exerceu influência sobre a produção e o teor de fitoquímicos dos frutos de mirtileiros. A produção das plantas submetidas a poda leve foi maior que as submetidas a poda média e normal, sendo o mesmo observado em relação ao teor de compostos fenólicos das cvs. Bluegem e Powderblue, enquanto para o teor de antocianinas, a intensidade de poda teve efeito distinto sobre os atributos de qualidade físico-química das diferentes cultivares.

  14. MICROORGANISMOS ASOCIADOS A FRUTOS EMBOLSADOS DE GUAYABA TAIWANESA VARIEDAD TAI KUO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossy Morera-Montoya

    2009-01-01

    Durante la época lluviosa también se encontraron diferencias altamente significativas (X2= 0,04773 en la incidencia de microorganismos, teniendo como resultado: cuando control > bolsa de tergal > bolsa Taiwanesa. Los resultados sugieren que los microorganismos aislados de frutos enfermos podrían ser agentes responsables de la pérdida de frutas comercia les en las plantaciones tropicales de guayaba.

  15. Clonagem de canistel por estaquia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Marcelo Chiamolera

    2014-09-01

    Full Text Available O canistel é nativo do sul do México e América Central e seus frutos apresentam elevado teor de carotenoides e vitamina A. Sua propagação é feita via sementes, resultando em considerável variabilidade genética entre os indivíduos, sendo a propagação vegetativa preferível, a fim de fixar características desejáveis. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a propagação vegetativa por estaquia de ramos semi-herbáceos de canistel, em função de quatro genótipos e quatro concentrações de AIB. Foram utilizadas estacas semiherbáceas apicais, mantidas com um par de folhas, sob nebulização intermitente, por 120 dias. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 4×4 (genótipos de canistel × concentrações de AIB, com quatro repetições e dez estacas por parcela. Foram avaliados a porcentagem de sobrevivência, a retenção foliar, o enraizamento, o calejamento, o número e o comprimento médio de raízes por estaca. O genótipo PC-1 foi superior aos demais, em todas as variáveis avaliadas, com destaque para o enraizamento das estacas, superior a 60%. As concentrações de AIB (0; 1.000; 3.000 e 5.000 mg L-1 não influenciaram na sobrevivência, retenção foliar e enraizamento das estacas, mas aumentaram o número e o comprimento de raízes em relação ao tratamento-controle (sem AIB. Há diferença na capacidade de enraizamento das estacas entre os genótipos de canistel, sendo a melhor resposta obtida com PC-1. A concentração de 3.000 mg L-1 de AIB resulta em maior número e comprimento de raízes nas estacas de canistel.

  16. Eficiência na produção de frutos e alocação relativa de nutrientes em cultivares de cafeeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Francisco Teixeira do Amaral

    2010-04-01

    Full Text Available Considerando a baixa produtividade das plantas em solos de menor fertilidade natural e o alto custo dos insumos agrícolas, torna-se necessária a seleção de cultivares mais eficientes na absorção e utilização dos nutrientes minerais. Foram avaliados quatro cultivares de cafeeiro arábica (Acaiá IAC 474 19, Icatu Amarelo IAC 3282, Rubi MG 1192 e Catuaí Vermelho IAC 99 quanto à eficiência na produção de frutos e alocação relativa de nutrientes. O experimento foi conduzido em Viçosa MG, em condições de campo, no delineamento experimental em blocos ao acaso, envolvendo quatro cultivares, quatro repetições e três níveis de adubação (baixo, normal e alto. As parcelas úteis constituíram-se de nove plantas espaçadas de 2 x 1 m. O cultivar Icatu Amarelo IAC 3282 foi o mais produtivo no ambiente com restrição de nutrientes, enquanto Rubi MG 1192 e Catuaí Vermelho IAC 99 mostraram-se mais produtivos em ambientes com alto suprimento de nutrientes. A eficiência de produção de café em coco por unidade de P, Ca, Mg e B acumulados na planta foi maior no nível alto de adubação. Os cultivares Rubi MG-1192 e Catuaí Vermelho IAC 99 apresentaram maior eficiência de utilização de nutrientes para produção de frutos no nível alto de adubação. Considerando a média de alocação relativa de nutrientes nos frutos para os quatro cultivares, no nível normal de adubação, verificou-se que eles possuem 38,1% do N, 46,34% do P, 40,19% do S, 42,68% do K, 13,19% do Ca, 25,04% do Mg, 40,63% do Cu, 19,49% do Zn e 17,73% do B.

  17. Composição centesimal, compostos bioativos e atividade antioxidante de frutos de Morinda citrifolia Linn (noni cultivados no Paraná

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G.F. PALIOTO

    2015-03-01

    Full Text Available O fruto de noni (Morinda citrifolia L. é consumido há milênios na medicina popular polinésia devido aos benefícios nutricionais e terapêuticos. O consumo de noni em outros países, incluindo o Brasil, cresceu vertiginosamente nos últimos anos em decorrência das atividades biológicas atribuídas a ingestão do suco da fruta, principalmente pela propriedade anticâncer. Contudo, a composição química da planta, que está relacionada com suas propriedades biológicas, é determinada pelo seu local de origem, e por influência do clima e do solo onde é cultivada. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo analisar a polpa extraída de frutos maduros de noni cultivados em Maringá-PR. A análise da polpa in natura apresentou 89,16% de umidade, 0,75% de cinzas, 2,10% de proteínas, 2,19% de lipídios e 5,81% de carboidratos. Dos compostos bioativos, foram analisados antocianinas (1,39 mg.100 g-1 polpa, flavonoides amarelos (13,01 mg.100 g-1 polpa, carotenóides (0,45 mg.100 g-1 polpa e vitamina C (12,16 mg.100 g-1 polpa. Para fenólicos totais e atividade antioxidante foram preparados diferentes extratos, sendo que os maiores teores de fenólicos totais foram encontrados no extrato aquoso (1143,56 mg equivalente de ácido gálico (EAG.100 g-1, seguido do extrato etanólico (966,96 mg EAG.100 g-1, metanol/acetona (820,88 mg EAG.100 g-1 e metanólico (306,33 mg EAG.100 g-1. Os melhores resultados para antioxidantes, determinado pelo EC50 - concentração do extrato necessária para reduzir 50% do radical DPPH, foram encontrados nos extratos metanol/acetona (EC50 de 25,18 mg.mL-1 e metanólico (EC50 de 25,96 mg.mL-1. A atividade antioxidante dos frutos pode estar relacionada com o conteúdo de vitamina C, uma vez que os extratos com um menor conteúdo de fenóis totais foram aqueles que apresentaram menores valores de EC50.

  18. Resistência induzida em frutos de videira 'Isabel' (Vitis Labrusca e seus efeitos sobre a qualidade pós-colheita

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Kedma Maria Silva Pinto

    2013-03-01

    Full Text Available A indução de resistência tem sido apontada como alternativa sustentável para o manejo de doenças, mas pouco se sabe sobre a interferência de tais produtos na qualidade pós-colheita dos frutos. Assim, o presente trabalho tem por objetivo avaliar a produção e a maturação de frutos de videira 'Isabel' (Vitis labrusca, oriundos de plantas tratadas com elicitores de resistência, em Natuba-PB. Os experimentos foram realizados nos períodos de setembro de 2009 a janeiro de 2010 (safra 1 e de fevereiro a junho de 2010 (safra 2. Foram utilizados oito tratamentos (Testemunha; Fungicida (Metiram + Piraclostrobina; Fosfito de potássio; Agro-Mós®; Fungicida + Fosfito de potássio; Fungicida + Agro-Mós®; Fosfito de potássio + Agro-Mós® e Fungicida + Fosfito de potássio + Agro-Mós® e quatro repetições de 5 plantas. As aplicações foram realizadas a cada 10 dias, iniciando-se 20 dias após a poda, totalizando 12 aplicações. As coletas de frutos foram realizadas aos 45; 60;90 e 120 dias após a poda. As variáveis analisadas foram: massa dos cachos, comprimento e diâmetro dos cachos, rendimento de polpa, sólidos solúveis (SS, pH, acidez titulável (AT e relação SS/AT. O tratamento com fosfito de potássio promoveu o aumento de 24% no comprimento dos cachos, em relação à testemunha, na primeira safra. O rendimento de polpa e a relação SS/AT não foram influenciados pelos tratamentos, e o teor de sólidos solúveis foi influenciado positivamente pela aplicação de fosfito de potássio, com incrementos superiores a 60%, em ambas as safras avaliadas.

  19. Efecto de la osmodeshidratación y secado en la retención de carotenos en fruto de zapallo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Valdés Magda

    2008-12-01

    Full Text Available

    El fruto de zapallo aporta provitamina A en forma de a-caroteno, b-caroteno y luteína que se pueden degradar al deshidratarlo para estabilizar la materia seca. El objetivo de la investigación fue analizar la retención de carotenos en respuesta al proceso de acondicionado por osmodeshidratación (DO con melaza pura y secado con aire caliente (AC sin exposición al sol Vs. secado a exposición parcial al sol (S. El mejor rendimiento de materia seca estable correspondió a AC con protección de eritorbato de sodio (ES y sin él en solución al 5% con 8.5 y 14 horas de permanencia en el proceso y rendimiento másico entre 99.45% y 98.5% respectivamente, que correspondió a los siguientes modelos de pérdida de sólido húmedo:Y = 454.66935e -0.2648339x r=0.965 y Y = 463.07976e-0.16167667x (r=0.978 respectivamente. El caroteno total en fruto fresco osciló entre 1114.9 y 1365.8 mg. g-1, y 222.2, 60.2 y 158.5 de a-caroteno, b-caroteno y luteína respectivamente El proceso de acondicionado de fruto de zapallo hasta materia seca estable con 12% de humedad, requiere secado con aire caliente (55°C durante nueve horas con flujo de aire de 10 m.s-1 en ausencia de brillo solar, para retener hasta 45% de carotenos totales y lograr materia prima idónea hasta con 66.8, 33.5 y 44.7 mg. g-1 de a-caroteno, b-caroteno y luteína respectivamente.

  20. Efecto del CO2 en la atmósfera de almacenamiento del fruto sobre la calidad del aceite de oliva

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    García, J. María

    1993-06-01

    Full Text Available Olive fruits (Olea europaea, cv. "Picual" were stored at 5°C and four different atmospheres (% CO2/% O2/%N2: 0/21/78; 5/20/75; 10/19/71 and 20/17/63. At 5°C the enrichment of the fruit storage atmosphere with concentrations of CO2 above 5% resulted in a linear increase of the acidity of extracted oils after 60 days of fruit storage time. This fact showed a strong relationship with the appearance of fruit decay. Simple refrigeration of fruits at 5°C for 60 days was sufficient to maintain the commercial quality of "virgin extra" in oil extracted from them. Oils obtained from fruits stored at 5°C in CO2 enriched atmospheres showed lower peroxide index and UV absorbance (270 nm, but developed off-flavor. Therefore, > 5% CO2 concentrations in storage atmosphere of olive fruits for oil production at 5°C must be avoided.Se han conservado aceitunas (Olea europaea, cv. "Picual", destinadas a la producción de aceite, con refrigeración a 5°C y cuatro diferentes atmósferas (% CO2/%O2/%N2: 0/21/78; 5/20/75; 10/19/71 y 20/17/63. A 5°C, el aumento del grado de acidez experimentado por los aceites extraídos después de 60 días de almacenamiento del fruto fue proporcional al enriquecimiento de la atmósfera de conservación del citado fruto con una concentración igual o superior al 5% de CO2. Este hecho tuvo una relación estrecha con la incidencia de podredumbre. La simple refrigeración a 5°C de la aceituna fue suficiente para retener durante 60 días en el aceite extraído la categoría comercial de "virgen extra". Los aceites obtenidos de frutos almacenados a 5°C en atmósferas enriquecidas con CO2 presentaron menores índices de peróxidos y absorbancia ultravioleta (270 nm, pero presentaron, así mismo, olores y sabores extraños. En consecuencia, a 5°C deben ser evitadas las concentraciones de CO2 iguales o superiores al 5% en la atmósfera de conservación de las aceitunas destinadas a la producción de aceite.

  1. Estudio Dinámico Bajo Oscilación Forzada del Sistema Fruto-Pedúnculo (S.F.P del Café Variedad Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ciro Héctor J.

    1998-06-01

    Full Text Available En CENICAFE, Chinchiná, Caldas, se estudió la respuesta de las ramas de café variedad Colombia a la aplicación de vibraciones forzadas transversales, aplicadas en un sólo punto. Se vibraron ramas de café variedad Colombia a frecuencias de 1.500, 1.800, 2.000 y 2.200 cpm y, amplitudes de 0.5, 1.0 y 1,5 cm en puntos localizados a 1/3Y 1/2 de su longitud, durante 5 segundos. El mejor resultado (74% de desprendimiento de cerezas maduras y 30% de cerezas verdes en el café desprendido se obtuvo vibrando las ramas a 1.500 c.p.m amplitud de 1,5 cm y sujetándolas a 1/3 de su longitud. Se determinaron propiedades físico-mecánicas a las cerezas verdes. pintonas y maduras (masa, densidad, radio característico. longitud y diámetro de pedúnculo, momento de inercia másico del fruto, rigidez, constante de elasticidad, de importancia para el estudio de la respuesta del sistema fruto pedúnculo (S.F P. a las vibraciones forzadas. Se observó que la constante de elasticidad, módulo de rigidez y el momento de inercia aumentan a medida que aumenta el grado de madurez de la cereza. Con las propiedades físico-mecánicas antes mencionadas se implementó el modelo de grados de libertad propuesto por Martínez (1983 para estudiar la respuesta del S.F. P. a la aplicación de vibraciones forzadas. Los resultados obtenidos con este modelo indican que las frecuencias naturales de resonancia del S. F. P. para frutos pintones y maduros son inferiores a las de las cerezas verdes, en el primero y segundo modos de vibración. Para cerezas maduras en el primer modo de vibración la frecuencia de resonancia varia de 1.500 a 1,530 c.p.m. En el segundo modo de vibración la frecuencia de resonancia de cerezas maduras es 28.000 c.p.m.

  2. Inoculación bacteriana en el crecimiento y calidad del fruto de cinco variedades de fresa en suelos con pH contrastante

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Alberto Ortiz Texon

    2016-04-01

    Full Text Available En un primer experimento se determinó el crecimiento de cinco variedades de fresa en dos suelos con pH contrastante (4.4 y 8.8. La producción de materia seca de la parte aérea, área foliar, volumen radical y concentración de N, P, K en la parte aérea se determinaron 125 días después del trasplante (ddt. Las plantas de todas las variedades cultivadas en pH 4.4 superaron a las cultivadas en pH 8.8 en todas las variables. Las variedades CP-06-15 y Festival fueron las que mejor se adaptaron a las condiciones de pH alcalino. En un segundo experimento se determinó la función de la inoculación con rizobacterias solubilizadoras de fosfatos en la reducción de los efectos negativos del pH alcalino en las variedades de fresa. Dos tipos de inoculación al momento del trasplante fueron comparadas: aplicación con pipeta de precisión e inmersión de las raíces en la suspensión bacteriana; además del testigo (sin inoculación. Se determinó crecimiento de las plantas y la producción y calidad de los frutos. La inoculación bacteriana no tuvo efecto en el crecimiento de la parte aérea y la raíz de las plantas, excepto en la variedad más sensible al pH alcalino (CP-LE-07 inoculada por inmersión de la raíz. También, esta fue la única variedad en la que la inoculación bacteriana aumentó el número de frutos producidos. De acuerdo al promedio de todas las variedades, la inoculación bacteriana, en ambas de sus formas, redujo el número y peso de los frutos producidos.

  3. Fruit ontogeny of Garcinia gardneriana (Planch. & Triana Zappi (Clusiaceae Ontogênese do fruto de Garcinia gardneriana (Planch. & Triana Zappi (Clusiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marta Eglaé Camargo Asinelli

    2011-03-01

    Full Text Available Garcinia gardneriana (Clusiaceae is a small to medium-sized tree that usually occurs on the floodplains of the Paraná River and it is an important food source for the local inhabitants. The fruit itself is consumed in natura, and juices and sweets are made from it. The purpose of this study was to describe morphological and structural aspects of fruits and seeds of this species in order to classify the fruit type and the pulpy layer which involves the seeds. The material analyzed consisted of ovary and fruits in different stages of development, collected from five plants from Aurélio Island, Baía River (MS, BR and the description was done according to standard procedures in anatomy. The fruit is a yellowish-orange spherical berry ("bacóide" type. The smooth, coriaceous skin consists of the lignified exocarp. The endocarp cell layers are derived from the activity of an adaxial meristem that undergoes radial elongation. The edible sweet white pulp is formed by the endocarp, as well as the spongy mesocarp, in which the secretory ducts lose their function. The unitegmic anatropous ovules develop into anatropous exalbuminous seeds with a collapsed and undifferentiated testa. The embryo is hypocotylar. The features here described generally occur in Clusioideae-Garcinieae and Symphonieae.Garcinia gardneriana (Clusiaceae é árvore de pequeno a médio porte frequente na Planície de Inundação do Alto Rio Paraná e de importância na alimentação das populações ribeirinhas, sendo consumida in natura e na forma de sucos e doces. O objetivo do presente estudo foi descrever aspectos morfológicos e estruturais dos frutos e sementes dessa espécie como contribuição à classificação do tipo de fruto e da porção carnosa e comestível que envolve as sementes. Ovários e frutos, em diferentes estádios de desenvolvimento foram coletados de cinco espécimes de uma população localizada na ilha do Aurélio, rio Baía (MS, BR e processados segundo t

  4. Calidad y madurez de la uchuva (Physalis peruviana l. en relación con la coloración del fruto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fischer Gerhard

    1999-12-01

    Full Text Available

    Las frutas de uchuva se clasificaron, después de la cosecha, en seis fases de coloración de la cascara, así: 0 = verde, 1 = verde amarillo, 2 = amarillo naranja. 3 == naranja claro, 4 = naranja, 5 = naranja oscura y 6 = naranja roja, a los cuales se le determinaron sus propiedades físicas y bioquímicas. Para describir el comportamiento entre las fases de coloración y las variables analizadas se propusieron modelos estadísticos polinomiales hasta el grado sexto. Los resultados mostraron que, durante el desarrollo 1a coloración del fruto aumento, proporcionalmente, su tamaño, peso fresco y la relación solidos solubles totales/acidez total titulable (SST/AIT hasta 1a fase 5, mientras la acidez titulable se redujo constantemente. Los coeficientes de determinación mas altos se encontraron para las variables acidez total titulable (R2 = 0,95 y relación SST/ATT (R2 = 0,98, y los mas bajos fueron para β-caroteno (R2 =0,79. Los solidos solubles (principalmente, sacarosa mostraron sus picos mas altos en las fases 3 y 4 y el contenido del β caroteno, en 1a fase 4, razón por la cual se supone que la madurez fisiológica se encuentra entre estos dos estados (3 y 4, naranja claro - naranja, En el estado de la sobremaduracion, color naranja roja, se observo una reducción marcada en tamaño y peso del fruto. Por la relación estrecha entre coloración y el desarrollo de los ingredientes del fruto, se propone que el color de la cascara es un indicador, de fácil uso en campo, para determinar calidad y madurez de la uchuva.

  5. Correlations between yield and fruit quality characteristics of fresh market tomatoes Correlações entre caracteres de produção e qualidade de frutos de tomate de mesa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lívia M de Souza

    2012-12-01

    Full Text Available Genotypic, phenotypic and environmental correlations were estimated for all possible pairs among eleven characters of tomatoes. Fifteen treatments including five parents and ten hybrids of Instituto Agronômico (IAC tomato breeding program were evaluated using a randomized complete block experimental design, with tree replications in Itatiba, São Paulo state, Brazil, during 2005/2006. The following traits were evaluated: fruit yield per plant (FP, fruit number per plant (FN, average fruit weight (FW, cluster number per plant (CN, fruit number per cluster (FC, number of locules per fruit (NL, fruit length (FL, fruit width (WI, fruit wall thickness (FT, total soluble solids (SS, and total titratable acidity (TA. The genotypic (rG, phenotypic (rF and environmental correlations (rA for two pairs of plant traits were estimated using the Genes© program. High similarity was found among the estimates of genotypic and phenotypic correlations. Positive and high phenotypic and genotypic correlations were observed between FP and the traits FN, FW and FT, and these associations contributed for yield increasing. FW and FT contributed to yield increase and should be considered together as primary yield components in tomato. Positive values of the genotypic and phenotypic correlations revealed that FP influenced FN with high direct effect and significant positive correlation. These traits may be included as the main selection criteria for tomato yield improvement.Correlações fenotípica, genotípica e ambiental foram estimadas entre todos os possíveis pares de onze caracteres de tomate de mesa. Quinze tratamentos, incluindo cinco parentais e dez híbridos do programa de melhoramento de tomate do Instituto Agronômico (IAC foram testados no delineamento em blocos casualizados completos, em Itatiba-SP, em 2005/2006. Os seguintes caracteres foram avaliados: produção (FP, número (FN e peso médio do fruto (FW, número de pencas por planta (CN, número de

  6. Produção e qualidade de frutos de tomateiro cultivado em substrato com zeólita Yield and fruit quality of tomato grown in substrate with zeolite

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alberto C. de Campos Bernardi

    2007-06-01

    Full Text Available Avaliou-se a produção e a qualidade dos frutos de tomateiro cv. Finestra, cultivado em substrato com zeólita enriquecida com N, P e K. Os tratamentos utilizados foram quatro doses (20; 40; 80 e 160 g por vaso de zeólitas enriquecidas com H3PO4/apatita, KNO3 e KH2PO4, além de uma testemunha cultivada em solução nutritiva. Foram avaliados a produção de frutos por vaso, firmeza, sólidos totais, pH, acidez titulável e ácido ascórbico dos frutos, dos 80 aos 90 dias de cultivo. O fornecimento de nutrientes através do mineral zeólita enriquecido com N, P e K comprovou ser uma alternativa para o aumento da produção. As maiores produções foram obtidas nos tratamentos com adição de P e K e nas maiores doses de zeólita (160 e 80 g por vaso. A produção de frutos foi 11 a 17% maior em relação à testemunha cultivada com solução nutritiva. Houve efeitos positivos das zeólitas enriquecidas com fontes de fósforo sobre a firmeza e efeito negativo sobre o pH. A firmeza dos frutos variou 104% entre tratamentos, de 7,06 N (ZNK 160 a 14,38 (ZPK 40. O aumento da disponibilidade de potássio contribuiu para o aumento do teor de ácido ascórbico dos frutos.We evaluated yield and quality of tomato fruits, cv. Finestra, grown in a zeolite substrate enriched with N, P and K. Treatments comprised four levels (20; 40; 80 and 160 g per pot of zeolite enriched with H3PO4/apatite, KNO3 and KH2PO4, and a control grown in a nutrient solution. Fruit production, firmness, total soluble solids, pH, titratable acidity and ascorbic acid were evaluated from 80 to 90 days of plant cultivation. Nutrients supplied through the mineral zeolite enriched with N, P and K was an adequate alternative to increase the production. Higher fruit production was obtained with addition of P and K and higher zeolite dosis (160 and 80 g per pot. Fruit production was 11% and 17% higher when compared to the plants grown in nutritive solution (check treatment. Positive effects

  7. Efeito da frequência e amplitude de vibração sobre a derriça de frutos de café Frequency and amplitude of vibration on coffee harvesting

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio L. Santos

    2010-04-01

    Full Text Available Parâmetros de qualidade podem alterar significativamente o preço do café; entretanto, a colheita seletiva dos frutos é frequentemente associada à boa qualidade do produto, procedimento que pode ser realizado por meio de vibrações mecânicas. Desta forma, o estudo e a avaliação do efeito localizado de fatores como frequência, amplitude e grau de maturação dos frutos, são fundamentais para construção de máquinas adequadas a este tipo de prática. O trabalho foi desenvolvido com o objetivo de se avaliar os fatores frequência, amplitude, grau de maturação, direção de excitação e número de frutos por pedúnculo, na eficiência de derriça. Para a realização dos ensaios de vibração em laboratório utilizou-se uma máquina vibradora eletromagnética. Amplitudes na faixa de 3,75 a 7,50 mm e frequências na faixa de 13,33 a 26,67 Hz foram testadas para a variedade Mundo Novo, em que os resultados mostraram que a frequência de 26,67 Hz apresentou uma eficiência maior de derriça para os frutos cereja e a amplitude de 7,5 mm indicou maior eficiência de derriça. Verificou-se, também, que o número de frutos por pedúnculo influencia a eficiência de derriça dos frutos de café da variedade Mundo Novo.Quality parameters influence directly the coffee price. However, selective coffee harvesting is frequently associated to good quality of this product. This procedure can be performed by mechanical vibration. Therefore, the study of the frequency and amplitude parameters is important for the design of a specific harvesting machine. The objective of this work was to evaluate the effect of the frequency and amplitude of vibration, the coffee variety and the ripeness condition of the fruits upon the harvesting efficiency. The vibration tests were done in laboratory using an electromagnetic shaker. The tests were done using amplitudes in the range of 3.75 to 7.50 mm and frequencies in the range of 13.33 to 16.67 Hz. Branches of

  8. Evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate cultivado y la accesión silvestre PI134418 de Solanum habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto. Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato and PI134418 wild accession of Solanum habrochaites var. glabratum with resistance to the fruit borer.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edwin F. Restrepo S.

    2008-01-01

    Full Text Available Se realizó la evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate S. lycopersicum L. cv. maravilla y la accesión silvestre PI134418 de S. habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto N. elegantalis. Se encontró que hay dominancia de los alelos que disminuyen la expresión del caraacute;cter peso promedio de fruto. El método del retrocruzamiento resultó maacute;s eficiente que el de la autofecundación, para contrarrestar la dominancia de los alelos que codifican por el tamaño pequeño del fruto. Los tricomas y el número promedio de frutos por racimo no ejercieron ningún efecto sobre el ataque de los frutos por parte del pasador; mientras que el peso promedio de fruto sí tuvo efecto importante sobre dicho ataque, de tal manera que el insecto tiende a producir mayor daño a medida que se incrementa el peso promedio de fruto. Las poblaciones RC1 y RC2 se comportaron como las típicas segregantes para los caracteres evaluados y exhibieron amplia variabilidad en los mismos. El método del retrocruzamiento fue efectivo para romper la asociación negativa entre el peso promedio de fruto y la resistencia al insecto. El peso promedio de algunos de los frutos en los recombinantes RC2 fluctuó entre 45.1 y 68.6 g y mostraron resistencia al pasador.Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato S. lycopersicum L. cv. maravilla and PI134418 wild accession of Solanum habrochaites var. glabratum with resistance to the fruit borer N. elegantalis was made. There was dominance of alleles that decrease the expression of the character mean fruit weight. The backcrossing method was more efficient than selfing in order to counteract the dominance of alleles that encode by small fruit size. The thrichomes and the mean number of fruit per bunch did not produce any effect on the fruit attack by the fruit borer; while that mean fruit weight had important effect on this attack

  9. Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato and PI134418 Evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate cultivado y la accesión silvestre PI134418 de Solanum habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vallejo Cabrera Franco Alirio

    2008-03-01

    Full Text Available Evaluation of segregating populations from crosses between cultivated tomato S. lycopersicum L. cv. maravilla and PI134418 wild accession of Solanum habrochaites var. glabratum with resistance to the fruit borer N. elegantalis was made. There was dominance of alleles that decrease theexpression of the character mean fruit weight. The backcrossing method was more efficient than selfing in order to counteract the dominance of alleles that encode by small fruit size. The thrichomes and the mean number of fruit per bunch did not produce any effect on the fruit attack by the fruit borer; while that mean fruit weight had important effect on this attack, therefore, the insect tends to produce more damage with the increasing in the mean fruit weight. The RC1 and RC2 populations showed segregating typical behavior for evaluated characters, presenting high variability in all of them. The backcrossing method was effective to break the negative association between mean fruit weight and the resistance to the insect. The mean fruit weight in the RC2 recombinant was between 45.1 and 68.6 g and showed resistance to the fruit borer.

    Se realizó la evaluación de poblaciones segregantes producidas a partir de cruzamientos entre tomate S. lycopersicum L. cv. maravilla y la accesión silvestre PI134418 de S. habrochaites var. glabratum resistente al pasador del fruto N. elegantalis. Se encontró que hay dominancia de los alelos que disminuyen la expresión del carácter peso promedio de fruto. El método del retrocruzamiento resultó más eficiente que el de la autofecundación, para contrarrestar la dominancia de los alelos que codifican por el tamaño peque

  10. Detecção de capsaicina em extratos dos frutos verdes e maduros de Capsicum baccatum L. pelas metodologias de cromatografia em camada delgada e histoquímica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tamires de Souza RODRIGUES

    2015-01-01

    Full Text Available A pimenta dedo-de-moça (Capsicum baccatum L. é uma espécie utilizada no mundo inteiro pelo seu sabor picante e por possuir inúmeras atividades medicinais. Essas atividades farmacológicas são proporcionadas por um grupo de substâncias presentes, os capsaicinoides, além de taninos, flavonoides, vitamina C, entre outros. Dos capsaicinoides presentes, a capsaicina possui especial importância. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a presença da capsaicina nos extratos dos frutos verdes e maduros de Capsicum baccatum L. pelas metodologias de cromatografia em camada delgada e histoquímica. Os extratos foram preparados com acetona. A cromatografia foi realizada com placas de sílica gel G4, eluída com hexano:acetato de etila (60:40 e reveladas com reagente de Dragendorff. A capsaicina pode ser detectada somente no estágio imaturo (verde dos frutos de Capsicum baccatum L. pela metodologia de cromatografia em camada delgada e pelo teste histoquímico.

  11. Formação de biofilme em gotejadores aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro = Formation of biofilm in drippers applying wastewater from pulping of the coffee fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Oliveira Batista

    2007-07-01

    Full Text Available Este trabalho teve por objetivo analisar a formação de biofilme em sistemas de irrigação por gotejamento aplicando água residuária da despolpa dos frutos do cafeeiro (ARC submetidas ou não à passagem em filtro orgânico. Para isso, foi montada uma estrutura hidráulica de avaliação, constituída de fitas gotejadores, não autocompensantes e posicionados no espaçamento de 0,3 m. Diante dos resultados obtidos, pode-se concluir que: águas residuárias da despolpa de frutos do cafeeiro apresentaram severo risco de entupimento de gotejadores, mesmo quando submetidas a tratamento prévio em filtros orgânicos.This work objectified to analyze the formation of biofilm in drip irrigation systems applying wastewater from pulping of the coffee fruits (ARC with and without ticket in organic filter. For that, a hydraulic structure of evaluation, constituted of drip tape, non pressure compensating, positioned in the spacing of 0,3 m. In accordance with the results obtained can be concluded that: wastewater from pulping of the coffee fruits presented severe risk of clogging of emitters, same when submitted the treatment in organic filters.

  12. Produtividade e qualidade de frutos de melão em resposta à cobertura do solo com plástico preto e ao preparo do solo Yield and quality of melon fruits in response to plastic mulch and soil tillage

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neyton O. Miranda

    2003-09-01

    Full Text Available Determinou-se o efeito da intensidade do preparo e da cobertura do solo com plástico preto sobre a produção e qualidade de frutos de melão irrigado por gotejamento. O experimento foi conduzido em Mossoró, no delineamento blocos ao acaso em esquema fatorial com parcela subdividida, com três repetições. Foram avaliados o tipo de preparo do solo (área total ou em faixas e profundidade de preparo (20; 30; 40 e 50 cm, com parcelas divididas em com ou sem cobertura do solo. Os frutos foram classificados em tipo exportação, mercado interno e refugo para determinar peso de frutos de cada tipo, número total de frutos e seu peso médio. Foram determinados a firmeza de polpa, o teor de sólidos solúveis totais (SST, espessura da polpa e formato do fruto. A qualidade dos frutos de melão foi reduzida pela cobertura do solo apenas em termos de firmeza de polpa. O preparo do solo em faixas não influenciou as características estudadas. Maiores profundidades de preparo aumentaram a produção de frutos tipo exportação, entretanto diminuíram a produção para o mercado interno.The effect of black polyethylene mulch and soil tillage intensity was determined on yield and quality of drip irrigated melon. The field trial was carried out in Mossoró, Brazil. The experimental design was randomized complete block in a factorial scheme with three replications. Two soil tillage methods were evaluated (strip tillage or tillage of the entire area and tillage depth (20; 30; 40 and 50 cm, with split plots with or without mulch. Fruits were classified in export type, internal market type and rejected, to determine total yield and the yield of each type, number of fruits and fruit mean weight. Pulp firmness, total soluble solids, pulp thickness and fruit shape were determined. Results showed a decrease in pulp firmness with black plastic mulch. Strip tillage did not influence any studied characteristic. Yield of both export type and internal market melons was

  13. Variabilidad en frutos y semillas de Cucurbita moschata Duch. y Cucurbita argyrosperma subsp. sororia L.H. Bailey Merrick & D.M. Bates: Fruit and seeds variability in butternut squash Cucurbita moschata Duch. and Cucurbita argyrosperma subsp. sororia L. H.Bailey Merrick & D.M. Bates

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Magda Piedad Valdés Restrepo

    2014-09-01

    Full Text Available En las cucurbitáceas (zapallo se presenta una gama amplia de variantes para el color de la semilla, desde blanco a café, que pueden tener significado evolutivo y de distribución geográfica. Se evaluó la variabilidad en semillas de 295 introducciones de Cucurbita moschata Duch. y 99 de Cucurbita argyrosperma subsp. sororia, todas procedentes de libre polinización. El análisis de conglomerados evidenció 11 grupos para cada una de las especies, las cuales expresaron alta variabilidad entre y dentro de las introducciones para los caracteres porcentaje de extracto etéreo en semilla (EE, peso de semilla por fruto (PSPF y número de frutos por planta (NFP. En C. moschata se destacaron dos grupos (5 y 9 por presentar altos promedios para producción por planta (PPL, peso de semilla por fruto (PSPF y extracto etéreo por planta (EEPP, con coeficientes de variación (CV entre 52% y 93%. En C. argyrosperma subsp. sororia se destacaron para los mismos caracteres los grupos 5 y 11, con un CV entre 53% y 79%. Los elevados coeficientes de variación evidenciaron amplia variabilidad entre y dentro de introducciones para los caracteres de importancia agronómica y agroindustrial. Teniendo en cuenta el análisis de agrupamiento y el índice de selección ponderado (ISP se seleccionaron las seis mejores introducciones en cada especie.

  14. Análisis de crecimiento y absorción de nutrimentos de frutos de mango, cultivares Tommy Atkins y Keith

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R\\u00F3ger Fallas

    2010-01-01

    y se detalla información para adaptarlas a diferentes localidades. Se determinó que cada kg de fruta fresca de Tommy Atkins y Keith, respectivamente, consume 1,54 y 1,59 g de K; 1,07 y 1,06 g de N; 0,20 y 0,12 g de P; 0,29 y 0,14 g de Ca; 0,19 y 0,15 g de Mg; 0,07 y 0,09 g de S; 8,5 y 2,5 mg de Fe; 3,5 y 2,1 mg de Mn; 0,7 y 1,6 mg de B; 1,2 y 0,97 mg de Zn; y 1,1 y 0,9 mg de Cu. Se sugieren etapas adecuadas para realizar fertilizaciones foliares y se encontró que algunos elementos no deben aplicarse simultáneamente, por posibles antagonismos. Para obtener frutos de Tommy Atkins con peso fresco entre 400 y 500 g se debe cosechar cuando el diámetro fluctúe entre 8,7 y 9,0 cm, o el largo entre 10,7 y 11,2 cm. Para obtener frutos de Keith con un peso entre 600 y 750 g, se debe colectar cuando el diámetro varíe entre 9,4 y 9,8 cm o el largo entre 13,5 y 14,0 cm, según el análisis de regresión.

  15. Frutos de melão submetidos a pré-tratamentos com hidrocolóides: efeitos do processo de congelamento sobre a microestrutura celular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Resende Jaime V.

    2002-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, o uso de hidrocolóides constituídos de pectina (1%, carboximetilcelulose (CMC 0.5% e amido gelatinizado (5% adicionados ou não de sacarose (15% e nitrato de cálcio (0.5% foi testado com o objetivo de se avaliar a influência destes sistemas sobre os parâmetros de qualidade de melões congelados com diferentes velocidades de resfriamento. Foram avaliados parâmetros tais como sólidos solúveis totais, perda de fluido celular por exsudação e capacidade de retenção de água após o descongelamento. As rupturas do tecido causadas pelo crescimento de cristais de gelo foram visualizadas por fotomicrografias obtidas por microscopia ótica e as disposições dos sistemas de hidrocolóides junto a parede celular puderam ser analisadas por microscopia eletrônica de varredura (SEM do material congelado e liofilizado. Os parâmetros avaliados e as análises microscópicas da estrutura celular permitiram estabelecer alguns efeitos interativos entre os sistemas de hidrocolóides e a parede celular, responsáveis pela obtenção de estruturas menos danificadas. Estudos histológicos por microscopia ótica permitiram verificar os efeitos das interações sobre a resistência da parede ao rompimento celular. Os tratamentos com sistemas constituídos de amido gelatinizado e pectina, adicionados de sacarose e íons cálcio foram os que apresentaram os melhores resultados na manutenção da estrutura, menor perda de fluido e melhor textura do material descongelado. Os tratamentos com cálcio foram os principais responsáveis pela manutenção da firmeza dos frutos.

  16. Relação entre características morfológicas de frutos e incidência de podridão carpelar em clones de macieira 'Gala' e 'Fuji' sobre diferentes porta-enxertos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Nunes Silveira

    2013-03-01

    Full Text Available A podridão carpelar tem-se tornado uma importante doença no Brasil, deixando de ser considerada uma doença secundária dentro do grupo das doenças de verão. O desenvolvimento e o formato dos frutos podem ser influenciados por eventos climáticos que ocorrem durante o período de polinização e frutificação da macieira. Além de outros fatores como nutrição das plantas, manejo da condução, tipo de porta-enxerto e cultivar copa. As alterações no formato dos frutos advindas destes fatores podem influenciar no aumento da intensidade da doença. O objetivo deste trabalho foi relacionar características morfológicas de frutos com a incidência de podridão carpelar, em clones de macieira, utilizando diferentes porta-enxertos, durante os ciclos de produção de 2009/2010 e 2010/2011, no município de Vacaria, no Estado do Rio Grande do Sul. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em arranjo fatorial 9 x 2, com nove clones das cultivares Gala e Fuji e dois porta-enxertos EM-9 e Marubakaido com interenxerto de EM-9. As características morfológicas dos frutos avaliados foram: relação entre comprimento e diâmetro de frutos (C/D, distância entre lóbulos, abertura calicinar, comprimento do tubo calicinar, número de sementes e classe de sintomas da doença nos carpelos. A doença não foi identificada nos clones da cultivar Gala, em ambos os ciclos de produção. Houve interação entre os fatores clones e porta-enxertos para as características morfológicas avaliadas, em ambos os ciclos de produção. A maior incidência da doença nos clones de 'Fuji' apresentou uma relação positiva com as características morfológicas dos frutos com maior abertura calicinar, menor relação C/D e maior distância entre lóbulos dos frutos, quando comparados aos clones de 'Gala'. O clone 'Fuji Suprema', enxertado sobre porta-enxerto EM-9, apresentou 19,33 % de incidência de podridão carpelar, sendo significativamente superior

  17. Produção e qualidade de frutos de diferentes cultivares de morangueiro em ensaios conduzidos em Atibaia e Piracicaba Production and quality of some cultivars of strawberry fruits in field experiments at Atibaia and Piracicaba, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Henrique Conti

    2002-03-01

    Full Text Available Foram instalados experimentos em Atibaia (SP, região de clima ameno, e Piracicaba (SP, região de clima quente, no ano de 1996, com delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições e dezesseis plantas por parcela, com as cultivares Campinas, Dover, Guarani, Princesa Isabel e AGF 080. Dos frutos avaliou-se a presença de "pescoço", formato, teor de sólidos solúveis, pH, cor interna e externa, textura e a produção e seus componentes. Atibaia destacou-se pela produção maior de frutos (468,30 g/planta, maior número de frutos (46,75 frutos/planta e maior peso médio de fruto (10,06 g em relação a Piracicaba. As características do fruto e da planta do morangueiro foram pouco variáveis ao efeito de locais. As medidas de cor interna, textura e presença de pescoço possibilitaram indicar a cultivar Guarani como apto para o uso industrial e Dover como pouco indicado. Em função das medidas de peso, teor de sólidos solúveis, pH e textura, as cultivares Campinas, AGF 080 e Princesa Isabel são as mais adequadas ao consumo "in natura", enquanto que Guarani e Dover são pouco adequadas. Os dados de resistência à compressão, que estimam a textura dos frutos, comprovam que as cultivares Guarani, Dover e Princesa Isabel são as mais resistentes ao transporte e Campinas e AGF 080 as menos resistentes.Field experiments were carried out in São Paulo State (Brazil, in Atibaia, Cfb climate and Piracicaba, Cwa climate, in 1996. The experimental design was of randomized blocks with four replications and sixteeen plants per plot using the cultivars Campinas, Dover, Guarani, Princesa Isabel and AGF 080. The presence of neck, shape, yield, number and average weight, amount of soluble solids, pH, external and internal color, texture and components of yield and of the fruits were evaluated. Atibaia experiment resulted in greater production of fruits (468,30 g/plant, greater number of fruits (46,75 fruits/plant and greater fruit mean weight (10

  18. Parâmetros relevantes na determinação da velocidade terminal de frutos de café Important parameters for determination of terminal velocity of coffee fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra M. Couto

    2003-04-01

    Full Text Available No desenvolvimento de máquinas de separação movidas a fluxos de ar, o conhecimento da velocidade terminal de um produto e das impurezas associadas é de importância fundamental. Neste trabalho, investigou-se o comportamento dos valores da velocidade terminal de frutos de café (variedades Catuaí e Híbrido Timor em função dos parâmetros (a estádio de maturação do produto na colheita ("verde" e "cereja"; (b época de colheita; (c variedade; (d teor de umidade dos frutos e (e número de frutos contidos na amostra usada para as determinações da velocidade. A análise dos resultados mostrou que os valores das velocidades terminais foram influenciados, significativamente, pelo teor de umidade do produto, estádio de maturação dos frutos e tamanho das amostras usadas nas determinações; entretanto, a época de colheita e a variedade dos frutos não se mostraram como parâmetros importantes nas determinações da velocidade terminal do produto. Relações funcionais entre parâmetros adimensionais, usando-se análise dimensional e o teorema Pi de Buckingham, foram também obtidas e são apresentadas neste trabalho; por outro lado, essas relações fornecem estimativas razoáveis para a velocidade terminal de um fruto, em função das velocidades de flutuação determinadas, experimentalmente, para amostras com um número maior de frutos.The knowledge of the terminal velocity of a product is of fundamental importance in the development of separation machines using airflows. The behavior of the values of the terminal velocity of coffee fruits (varieties Catuaí and Hybrid Timor was investigated in this work as a function of following parameters: (a maturation level of the coffee at the harvesting ("green" and "cherry" fruits; (b harvesting time; (c variety; (d moisture content of the fruits and (e number of fruits in the sample used for the determinations of the terminal velocity. Analysis of the results showed that the values of the

  19. Resistência parcial à necrose dos frutos em genótipos de café arábica Partial resistance to fruit necrosis in arabic coffee genotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo Hiroshi Sera

    2009-01-01

    Full Text Available Neste trabalho, objetivou-se identificar em genótipos de café arábica (Coffea arabica L. fontes de resistência à necrose de frutos em condições de campo. As variáveis resistência à necrose de frutos ("NF", quantidade média de frutos por nó produtivo ("FN" e índice de luminosidade dentro da copa da planta ("LUM" foram avaliadas em ensaio de campo no IAPAR (Londrina, em dezembro de 2004, em cafeeiros com três anos de idade. Foi avaliada a variável "NF", atribuindo notas de 1 a 5 sendo 1 para plantas com 0 % a 5 % de frutos necrosados. "FN" foi avaliada seguindo uma escala de notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com 0 a 3 frutos/ nó e nota 5 com mais do que 15 frutos/ nó. A avaliação da variável "LUM" foi visual e seguiu as notas de 1 a 5, onde 1 representa plantas com pouca luminosidade dentro da copa da planta. Dos 19 genótipos avaliados, 2 apresentaram moderada resistência, 7 moderada suscetibilidade, 5 suscetíveis e 5 altamente suscetíveis. As cultivares Obatã IAC 1669-20 e Catucaí Vermelho 4-79 apresentaram o melhor nível de resistência parcial de campo, ou seja, com moderada resistência à necrose de frutos associada ao Colletotrichum spp.The aim of this research was to identify in Coffea arabica L. coffee genotypes resistance sources to fruit necrosis in field conditions. The variables fruit necrosis ("NF", fruits per productive nodes average ("FN" and luminosity index inside of the plant canopy ("LUM" were evaluated in field assay at IAPAR (Londrina, in December 2004 on three years old coffee trees. The "NF" variable were evaluated attributing scores from 1 to 5, where score 1 represented plants with 0 to 5 % of necrosed fruits. "FN" were evaluated following a score scale from 1 to 5, where score 1 represented plants with 0 to 3 fruits/ node and score 5 with more than 15 fruits/ node. The evaluation of the variable "LUM" was visual and followed the scores from 1 to 5, where score 1 represented plants with

  20. Maturation curves and degree-days accumulation for fruits of 'Folha Murcha' orange trees Curvas de maturação e graus-dia acumulados para frutos de plantas de laranjeira 'Folha Murcha'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Neusa Maria Colauto Stenzel

    2006-06-01

    Full Text Available The effect of thermal summation on orange fruit growth on different rootstocks has not been studied for the State of Paraná, Brazil. This research evaluated the growth of fruits by means of maturation curves, and quantified the growing degree-days (GDD accumulation required for fruit maturation in 'Folha Murcha' orange trees budded on 'Rangpur' lime, 'Volkamer' lemon, 'Sunki' mandarin, and 'Cleopatra' mandarin, in Paranavaí and Londrina, PR. In both locations and all rootstocks, the fruits showed evolution in total soluble solids (TSS content in relation to GDD accumulation, with a quadratic tendency of curve fitting; total titratable acidity (TTA had an inverse quadratic fitting, and the (TSS/TTA ratio showed a positive linear regression. Fruits in Paranavaí presented a higher development rate towards maturity than those in Londrina, for all rootstocks. The advancing of the initial maturation stage of fruits in Paranavaí in relation to those in Londrina occurred in the following descending order: 'Volkamer' lemon (92 days, 'Cleopatra' mandarin (81 days, 'Sunki' mandarin (79 days, 'Rangpur' lime (77 days. In Londrina, trees on 'Rangpur' lime and 'Volkamer' lemon were ready for harvest 8 and 15 days before those on the 'Cleopatra' and 'Sunki' mandarins, respectively. In Paranavaí, the beginning of fruit maturation in trees on 'Volkamer' lemon occurred 15, 19, and 28 days earlier than on 'Rangpur' lime, 'Cleopatra' mandarin, and 'Sunki' mandarin, respectively. Considering 12.8ºC as the lower base temperature, the thermal sum for fruit growth and maturation of 'Folha Murcha' orange ranged from 4,462 to 5,090 GDD.O efeito da soma térmica no crescimento do fruto de laranja em diferentes porta-enxertos não tem sido estudado no Estado do Paraná, Brasil. Esta pesquisa avaliou o crescimento dos frutos por meio de curvas de maturação e quantificou os graus-dia acumulados (GDA necessários para a maturação dos frutos em laranjeiras 'Folha

  1. Morfologia de frutos, sementes e plântulas de castanheira (Terminalia catappa L. - COMBRETACEAE Morphology of the fruit, the seed and the seedlings of chestnut tree (Terminalia catappa L. - COMBRETACEAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvia de Azevedo Ivani

    2008-06-01

    Full Text Available O trabalho foi realizado com o objetivo de descrever morfologicamente os frutos, sementes e plântulas de castanheira. Foi feita a biometria dos frutos e das sementes e sua caracterização quanto à forma, por meio de mensurações com paquímetro e observações realizadas em estereomicroscópio com câmara clara. Os frutos de castanheira são carnosos, indeiscentes, do tipo nucóide, glabros, de coloração verde a vinácea, projeção das nervuras carpelares externamente evidentes, com epicarpo delgado, mesocarpo carnoso e esponjoso de coloração vinácea, com feixes vasculares conspícuos em corte transversal. Geralmente, cada fruto contém apenas uma semente. As sementes são exalbuminosas, de formas alongadas e cilíndricas, recobertas por endocarpo rígido de coloração marrom; possuem cerca de 2,5cm, 0,7cm e 0,7cm, de comprimento, largura e espessura, respectivamente. A germinação das sementes de castanheira é epígea, e a plantula é fanerocotiledonar.The work was carried out with the objective of describing morphologically the fruits, seeds and seedlings of chestnut tree. It was made the biometry of the fruits and seeds with a digital pachymeter and its characterization in relation to the shape, in stereomicroscope with clear chamber. It can be evidenced that the chestnut tree fruits are fleshly, indehiscent, nucoid, glabrous, from green to purple coloration, with evident projection of the carpel ribbings, with a fleshly and spongy epicarp and mesocarp, of purple color, with conspicuous vascular bundle in transversal cut. Generally, it has a seed per fruit. The seeds are unalbuminous, of prolongated and cylindrical shape and recovered with a rigid endocarp of brown coloration. The seeds possess about 2,5; 0,7 and 0,7 cm, of length, width and thickness, respectively. The germination of the seeds of chestnut tree is epigeal and the seedling is fanerocotyledonary.

  2. Características físico-quimicas, análise sensorial e conservação de frutos de cultivares de bananeira resistentes à sigatoca-negra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Célia Lúcia Siqueira

    2010-10-01

    Full Text Available O cultivar Prata Anã é o mais plantada no Norte de Minas Gerais, o que demonstra estar a bananicultura regional baseada numa variedade suscetível à sigatoca-negra. Apesar de existirem cultivares resistentes em fase de recomendação para o cultivo na região, ainda são escassos os trabalhos relacionados a metodologias de conservação pós-colheita. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o período de armazenamento e as características físico-químicas e sensoriais dos cultivares de bananeira Fhia - 02 e Precioso, ambos resistentes à sigatoca-negra, e o efeito da atmosfera modificada associada à refrigeração. Foram realizados três experimentos, o primeiro em temperatura ambiente, o segundo a 12 ºC e o terceiro a 15 ºC. Esses experimentos foram instalados no delineamento em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas no tempo, tendo nas parcelas um fatorial 2 (com e sem embalagem x 2 (Fhia - 02 e Precioso e nas subparcelas as avaliações em intervalo de seis e dois dias para frutos armazenados nas temperaturas de 12, 15 e 25 ºC, com quatro repetições e três frutos por unidade experimental. Após o tratamento, os frutos foram dispostos em bandejas de poliestireno expandido (sem embalagem e embalagens de 10 e 16 µm e umidade relativa de 90%. As características avaliadas foram: tamanho, diâmetro, cor, firmeza, perda de matéria fresca, sólidos solúveis totais (SST, acidez total titulável (ATT, SST/ATT, pH e análise sensorial. O uso da embalagem associada à refrigeração permitiu armazenar os frutos por 28 dias, mantendo as características físico-químicas.

  3. Fruit anatomy of species of Solanum sect. Torva (Solanaceae Anatomía del fruto en especies de Solanum sect. Torva (Solanaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franco E. Chiarini

    2010-12-01

    Full Text Available The mature fruits of 10 South American species of Solanum sect. Torva were studied. Cross and longitudinal microtome sections, stained with astra blue/basic fuchsin, were made for microscopic examination. All species present an epidermis formed by a unistrate layer of small, isodiametric cells, with dense content and cellulosic walls. Immediately below, a hypodermis is always found, consisting of a well-defined layer of lignified cells with a single calcium oxalate crystal occupying the whole lumen of each cell. This is followed by one layer of cellulosic, isodiametric cells with dense cytoplasm and then several collenchymatous layers, sometimes with sclerified cell walls. The mesocarp comprises two zones histologically differentiated: an external one (formed by regular, vacuolated, medium-sized cells with small intercellular spaces, and an internal one, commonly juicy, and developing proliferations among the seeds. The fruits analyzed are alike, and despite some particularities, they can be classified as berries in the conventional sense. All the traits examined agree with the ornithochorous dispersal syndrome. The homogeneity in fruit traits may be due to shared habit, habitat and sexual system.Se estudiaron los frutos maduros de 10 especies sudamericanas de Solanum sect. Torva. Se examinaron en microscopio cortes microtómicos transversales y longitudinales teñidos con azul astral/fucsina básica. Todas las especies presentaron una epidermis unistrata de células pequeñas, isodiamétricas, de contenido denso y paredes celulósicas. Inmediatamente por debajo se encontró siempre una hipodermis, formada por una capa bien definida de células lignificadas con un cristal de oxalato de calcio en el lúmen de cada célula. A continuación se halló otra capa de celulas isodiamétricas, celulósicas, de contenido denso, y luego varias capas de colénquima, en ocasiones con paredes esclerificadas. El mesocarpo presentó dos zonas histologicamente

  4. Efecto del sistema de tutorado, poda de tallos y poda de hojas sobre la calidad del fruto del tomate (lycopersícum esculentum mili.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salinas Octavio

    1994-12-01

    Full Text Available

    El presente trabajo se realizó en la finca La Manila, en el Municipio de Anolaima (Cundinamarca. El objetivo fue evaluar la calidad del tomate (Lycopersícum esculenlum Mili. como respuesta a dos tipos de tutorado, tres niveles de poda en tallo y tres niveles de poda en hoja. El análisis de los resultados presentó diferencias estadísticas en el rendimiento y la calidad frente a los dos tipos de tutorado. La poda de tallos tuvo efectos altamente significativos: las plantas podadas produjeron el mayor porcentaje de frutos de primera calidad y las plantas no podadas produjeron los mayores rendimientos por parcela. La poda de hojas no tuvo efectos significativos sobre la calidad. Se concluyó que, con la poda de tallos, se obtiene mayor porcentaje de frutos de buena calidad por parcela; con plantas a libre crecimiento se obtienen los mayores rendimientos por parcela. La investigación permite concluir que el estrato de mercado al cual va dirigida la producción, define el tipo de manejo que debe dársele a las plantaciones de tomate.

     

     

  5. Qualidade dos frutos de tipos de melão,produzidos em ambiente protegido Quality of melon fruit type produced under protected system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Micheline Tavares Paduan

    2007-01-01

    Full Text Available O interesse pela cultura do melão no Brasil tem aumentado muito nos últimos anos, pelas crescentes exportações e pelo incremento no consumo do mercado interno. O objetivo deste trabalho foi avaliar as características físicas e químicas, assim como a atividade da pectinametilesterase dos frutos de tipos de melão (Cucumis melo L., produzidos em ambiente protegido, no município de Centenário do Sul-PR. Os tipos estudados foram: Valenciano ('Amarelo-Ouro', Caipira ('Gaúcho Caipira', Net Melon ('Net Galia', Orange ('Orange Melon' e Pele-de-Sapo ('Filipo', com cinco repetições, utilizando seis frutos por repetição em delineamento inteiramente casualizado. Os frutos do Valenciano e Pele-de-Sapo destacaram-se quanto à massa, com valores 2,02 e 2,07 kg, respectivamente, e formatos alongados, enquanto os demais tipos apresentaram formatos arredondados e massa em torno de 1,4 kg. Os melões Pele-de-Sapo apresentaram espessura da polpa de 43,36 mm, estatisticamente superior à dos frutos Valenciano, com 38,98 mm. A menor espessura de polpa, 24,78 cm, e a maior espessura de casca, 9,74 mm, foram encontradas nos frutos do tipo Caipira que diferiu estatisticamente dos outros tipos. Os valores de pH não se apresentaram estatisticamente diferentes e variaram de 6,24 a 6,48. O Net Melon apresentou polpa com 12,3ºBrix e diferiu estatisticamente do Orange, Valenciano e Pele-de-Sapo, com 11;12; 10,34 e 9,94 ºBrix, respectivamente. O Caipira atingiu 5,06ºBrix, e também o menor conteúdo de acidez, 0,10 g de ac. cítrico.100-1 g de suco, o que inviabiliza sua comercialização. A atividade da pectinametilesterase na polpa dos frutos foi muito baixa, inferior a 0,005 PEu x 10(4 mL-1, nos cinco tipos avaliados. Na região norte do Paraná (Vale do Paranapanema, sob condições de cultivo protegido, os melões Pele-de-Sapo, Net Melon, Orange e Valenciano apresentaram boas características físicas e químicas dos frutos, destacando-se o Net Melon

  6. Physical and Chemical Characterization of Melia azedarach L. Fruit and Leaf for Use as Botanical Insecticide Caracterización Física y Química del Fruto y Hoja de Melia azedarach para Uso en Manejo Integrado de Plagas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Italo Chiffelle G

    2009-03-01

    mediante bioensayos de laboratorio sobre Drosophila melanogaster Meigen (Diptera: Drosophilidae, como insecto modelo. El diámetro del fruto de M. azedarach se situó en el límite inferior con referencia a otros estudios. La harina obtenida del fruto verde tuvo un peso seco promedio inferior al maduro. Las hojas tuvieron pesos secos promedio similares, tanto en el estado juvenil como en el maduro. Los frutos verdes tuvieron un contenido de humedad de 50%, similar a las hojas juveniles (60% y maduras (57%, pero mayor que los frutos maduros (44%. El análisis químico de los estados de madurez del fruto determinó un aumento leve en el contenido de fibra cruda según aumentaba la madurez. En las hojas hubo una disminución cercana a 60% en la cantidad de lípidos cuando maduran. Además, un análisis de polifenoles, por HPLC-DAD (Cromatografía Líquida de Alta Resolución con Detector de Arreglo de Diodos identificó 14 compuestos como causantes del efecto insecticida del fruto de M. azedarach, de los cuales tres corresponderían a flavonoides: una catequina y dos kaempferoles. Finalmente, los extractos acuosos de hojas y frutos de M. azedarach fueron eficaces como insecticidas sobre D. melanogaster, alcanzando mortalidades de hasta 90% con hojas juveniles (125 000 mg kg-1 y 73,3% con frutos verdes (10 700 mg kg-1.

  7. Rendimento, qualidade e absorção de nutrientes pelos frutos de abóbora em função de doses de biofertilizante Yield, quality and nutrient absorption by pumpkin fruits depending on biofertilizer doses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Malei Rosa dos Santos

    2012-03-01

    Full Text Available O conhecimento do estado nutricional da planta e a exportação de nutrientes pela cultura auxiliam na tomada de decisão nos programas de adubação, podendo melhorar a qualidade e a produtividade de frutos de abóbora. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o estado nutricional das plantas, a produtividade, a qualidade e a extração de nutrientes pelos frutos de duas cultivares de abóbora híbrida tipo Tetsukabuto adubada com biofertilizante suíno. O experimento foi realizado no período de março a agosto de 2008. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, no esquema fatorial 2 x 5, compreendendo dois híbridos (Kobayashi e Jabras e cinco doses de biofertilizante: 0, 5, 10, 20 e 40 m³ ha-1, com quatro repetições. A maior produtividade de frutos foi alcançada na dose de 35,34 m³ ha-1 de biofertilizante de suíno. A massa fresca e a cavidade interna dos frutos aumentaram com o aumento da dose do biofertilizante. O teor de sólidos solúveis totais na polpa dos frutos foi maior na testemunha, sem biofertilizante. A exceção do P e S, os teores foliares de nutrientes apresentaram-se dentro da faixa adequada para a cultura. A quantidade máxima de macronutrientes exportada pela massa seca de frutos de abóbora deu-se na ordem decrescente: K>N>P>Mg>Ca>S. O biofertilizante suíno pode ser utilizado como fonte de nutrientes no cultivo de abóbora híbrida, porém é recomendada a combinação com fontes de P para complementar a baixa disponibilidade deste nutriente.Information about the plant nutritional status and the nutrient exportation of a crop can help the decision-making process of fertilization programs, and improve the quality and yield of pumpkin. This work aimed to evaluate the nutritional state of fruit yield, quality and seed extraction of two Tetsukabuto hybrid cultivars fertilized with swine biofertilizer. The experiment was carried out from March to August 2008. The experimental design was randomized

  8. Resposta da aplicação do 1-MCP em frutos de mamoeiro 'Golden' em diferentes estádios de maturação Responses of 1-MCP applications in 'Golden' papaya fruits on differents maturation stages

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maximiliano Silva de Souza

    2009-09-01

    Full Text Available O estudo de fatores que influenciam no processo de amadurecimento é fundamental para o planejamento do processo de comercialização, principalmente em frutos com padrão de respiração climatérico e perecível, como é o caso do mamão. Nesse trabalho, avaliou-se o efeito da aplicação do 1-MCP (1-metilciclopropeno sobre o amadurecimento de frutos de mamoeiro nos estádios 0; 1 e 2 de maturação. O 1-MCP diminui a produção de etileno (≈79% e a taxa respiratória (≈45%, principalmente em frutos no estádio 0 de maturação. O uso deste inibidor da ação do etileno retardou a perda de coloração verde da casca dos frutos, principalmente em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação. Houve redução na perda de firmeza do fruto e do mesocarpo nos estádios 1 e 2. Entretanto, em frutos no estádio 0 de maturação, a firmeza do mesocarpo manteve-se alta, o que pode comprometer a aceitação destes frutos pelo consumidor. O teor de sólidos solúveis não foi influenciado pela aplicação do 1-MCP. O efeito do 1-MCP na redução da atividade das enzimas PME e PG foi maior em frutos nos estádios 0 e 1 de maturação em comparação a frutos no estádio 2 de maturação. A atividade da PME demonstrou crescente aumento ao longo do período de armazenamento, porém a atividade da PG permaneceu baixa ao longo dos cinco primeiros dias, com aumento posterior. Os resultados mostraram que a PME exerce influência significativa na perda de firmeza da polpa nos primeiros dias, com atuação posterior da PG. O 1-MCP mostrou-se eficiente em retardar o processo de amadurecimento de frutos de mamoeiro, tornando-se mais eficiente quando associado a estádios de maturação iniciais.The study of factors that influence the process of ripening is critical for planning the marketing process, mainly in standard breathing climacteric and perishing fruits, as it is the case of papaya. In this work it was evaluated the effect of the application of 1-MCP (1

  9. Capítulo VI: evaluación de la resistencia al pasador del fruto de tomate Neoleucinodes elegantalis (Gueneé en materiales L. hirsutum Humb y Bonpl y L. pimpinellifolium (Just mill y su transferencia a materiales cultivados de tomate L. esculentum Mill

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Salinas Helbert

    1994-12-01

    Full Text Available

    La investigación tuvo como objetivo estudiar el ciclo de vida del pasador  del fruto del tomate, N. elegantalis y evaluar la resistencia genética en diferentes accesiones de Lycopersicon y en poblaciones derivadas de cruzamientos interespecíficos entre L. esculentum, L. pimpinellifolium y L. hirsutum. La evaluación se realizó en condiciones de campo, utilizando un diseño de bloques completos al azar, con cuatro repeticiones. Se midieron los siguientes caracteres: estados del ciclo de vida, número de posturas, cantidad de frutos dañados, número de perforaciones de entrada, número de larvas por fruto e intensidad del daño. Se determinó el ciclo de vida del insecto plaga. Las especies silvestres fueron calificadas como muy resistentes o resistentes. Las variedades comerciales fueron calificadas como susceptible o medianamente susceptibles. Las poblaciones segregantes provenientes de los cruzamientos interespecíficos fueron calificados como resistentes o ligeramente susceptibles, indicando la posibilidad de introgresión genética de la resistencia. El insecto plaga  tiene mayor preferencia por fenotipos con frutos de mayor peso promedio y pericarpio duro.

    The research was carried out to study the life cicle of N. elegantalis, and the identification of resistence to the insect among Lycopersicon accessions and derivated populations from crossing between L. esculentum, L. pimpinellifolium and L. hirsutum. The life cicle of N. elegantalis was determinated. The wild species L. hirsutum and L. pimpinellifolium were very resistant and resistant, respectively. The Lycopersicon cultivars were susceptibles and derivated populationes from interspecific crossing were resistant or intermedium susceptible. There were associations between the fruit size, fruit firmness, fruit weight and susceptible expression in the plants from crossing between L. hirsutum, L. pimpinellifolium and commercial cultivars.

  10. Qualidade de frutos de laranjeira Valência cultivada sob sistema tecnificado Quality of Valencia orange fruits cultivated under technified system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Regina K. Grizotto

    2012-07-01

    Full Text Available Estudou-se, neste estudo, o efeito de um pacote tecnológico implementado no pomar laranjeira Valência em comparação com o sistema convencional tendo-se por base a produção e a qualidade dos frutos colhidos. As tecnologias praticadas constam de adensamento, adubação na implantação e formação, tratamento fitossanitário, manejo de plantas invasoras, irrigação e poda de formação. Os resultados obtidos dos frutos da primeira colheita mostraram que o sistema tecnificado com irrigação (ST + I promoveu aumento significativo no rendimento de colheita, o qual foi maior em pomares com maior adensamento de 727 plantas ha-1 (espaçamento 5,5 x 2,5 m ou 667 plantas ha-1 (espaçamento 6,0 x 2,5 m. A irrigação em sistema tecnificado resultou em frutos com maior tamanho e, consequentemente, menor número de frutos para compor uma caixa padrão, menores teores de sólidos solúveis e acidez titulável. Não houve variação no rendimento em suco, independente do sistema de produção ou espaçamento utilizado. Conclui-se que, nesta primeira avaliação, a implementação de sistema tecnificado de manejo de pomar concomitante à irrigação (ST + I é interessante, uma vez que promove maior rendimento de colheita em comparação ao sistema convencional.The effect of a technological package implemented in a Valencia orange orchard was studied and compared with the conventional system, based on the production and quality of the fruits harvested. The technologies implemented included the densification, fertilization during implantation and training, phytosanitary treatment, weed management, irrigation and pruning. The results for the fruits from the first harvest showed that the Technified System and Irrigation (TS + I resulted in significant increase in crop yield. This increase was higher in orchards with a higher density of 727 plants ha-1 (5.5 x 2.5 m spacing or 667 plants ha-1 (6.0 x 2.5 m spacing. In general, irrigation concomitant with TS

  11. Efeito de anos e determinação do coeficiente de repetibilidade de características de frutos de goiabeira-serrana Effects of years and determination of repeatability of some characteristics of feijoa fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Degenhardt

    2002-09-01

    Full Text Available A variância ambiental costuma ser bastante significativa em características de produção e de frutos, a maioria de herança quantitativa. Este estudo teve por objetivo avaliar o efeito de anos e determinar o número de anos necessários para avaliação precisa do peso do fruto, peso de casca, comprimento, diâmetro, relação comprimento/diâmetro, rendimento de polpa e sólidos solúveis totais dos frutos de goiabeira-serrana (Acca sellowiana, em três anos de avaliação. Com exceção de sólidos solúveis totais, o efeito de anos representou grande parte da variância total. A partir do coeficiente de repetibilidade, determinou-se que seriam necessários no mínimo de quatro a seis anos de avaliação para seleção das plantas, com precisão de 80%.The environmental variance is quite significant in production and fruits traits, most of quantitative inheritance nature. This study evaluated the effect of years and the determination of the minimum number of necessary years for evaluation one needs for fruit weight, peel weight, length, diameter, relationship length/diameter, pulp revenue and soluble solids contents of fruits of feijoa (Acca sellowiana. Except for soluble solids contents, the effect of years represented great part of the total variance. Based on the repeatability coefficient, it was determined that it would be necessary at least four to six years of evaluation for selection of plants, with accuracy of 80%.

  12. Quantificação de compostos fenólicos e ácido ascórbico em frutos e polpas congeladas de acerola, caju, goiaba e morango

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliana Mesquita Freire

    2013-12-01

    Full Text Available O crescente interesse da população pela promoção da saúde vem despertando a atenção dos consumidores por alimentos ricos em antioxidantes, combinado com a praticidade do consumo de sucos de frutos processados. O presente trabalho objetivou quantificar e avaliar a capacidade antioxidante de compostos fenólicos e ácido ascórbico em frutas in natura e polpas congeladas. As frutas in natura e polpas congeladas obtidas na região de Lavras - MG foram submetidas à quantificação de compostos fenólicos e ácido ascórbico e os respectivos extratos acetônico-etanólico e acetônico-metanólico. Foram determinadas suas atividades antioxidantes pelos métodos radicalares DPPH e ABTS. O extrato acetônico-metanólico foi mais efetivo para extrair os compostos antioxidantes das amostras. Apenas as polpas congeladas de acerola apresentaram uma redução do teor de compostos fenólicos em relação ao fruto. Para o teor de ácido ascórbico, houve uma redução nas polpas congeladas de acerola e goiaba. As amostras de acerola apresentaram os maiores teores de compostos fenólicos, ácido ascórbico e atividade antioxidante em relação aos demais frutos analisados.

  13. EFECTO DE DOS TIPOS DE FUNDAS SOBRE EL FRUTO DE BANANO (Musa AAA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfonso Vargas-Calvo

    2011-01-01

    Full Text Available El objetivo de este estudio fue determinar el efecto de dos fundas en la protección del racimo de banano (Musa AAA . En dos épocas climáticas (adversa y favorable bajo condiciones del Ca ribe de Costa Ri ca se evaluaron dos fundas: 1- azul Sa nta Lucía (bifentrina 0,1%, polie tileno de 12,7 ¿ de grosor, con perforaciones de 4 mm y 86,4 cm de ancho y 2- transparente con aditivos para filtrar la luz ultravioleta e infrarroja (bifentrina 0,1%, 20,3 ¿ de grosor, con perforaciones de 4 mm y 88,9 cm de ancho. El peso del racimo así como el grosor y la longitud del fruto central de la fila externa en la segunda, cuarta y sexta mano no difirieron (P> 0,0556 entre ambas fundas. Tampoco hubo diferencias entre estas en la apa rie ncia del racimo (P>0,4699 ni en la firmeza de la cáscara en grado 1 de maduración (P= 0,6268. En las varia bles de medición del color del fruto solamente L* presentó un valor (56,48 más alto (P=0,0109 con la funda transparente fotosensible, mie ntras que las otras dos varia bles relacionadas (a* y b* no fueron diferentes (P>0,1011 entre las fundas. El incremento adicional de 7,6 ¿ en el grosor del polie tileno de la funda transparente con respecto a la azul Sa nta Lucía, no ocasionó un incremento productivo ni una mejor apa rie ncia del racimo de banano y sus frutos.

  14. Sebestén y zumaque, dos frutos importados de Oriente durante la Edad Media

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    García Sánchez, Expiración

    2001-12-01

    Full Text Available This paper joins a number of historical pieces of information concerning two species of Asiatic origin, sebesten and sumac, whose fruits are mentioned among the goods brought to Barcelona from Syria during the fourteenth and fifteenth centuries. In the case of the sebesten, we are in front of a tree native to India (Cordia myxa L., whose edible fruits were employed to make a birdlime employed to catch birds. As for the sumach (Rhus coriaria L., the fruits of this shrub were used traditionally to tan the leather. The information here offered has been taken from Grecolatin, Andalusian and later authors.

    Se recogen en este trabajo una serie de datos históricos relativos a dos especies de origen asiático, el sebestén y el zumaque, cuyos frutos aparecen citados entre las mercaderías llegadas a Barcelona desde Siria a lo largo de los siglos XIV y XV. En el caso del sebestén, se trata de un árbol originario de la India (Cordia myxa L., cuyos frutos comestibles se utilizaban además para fabricar una especie de liga para cazar pájaros. En cuanto al zumaque (Rhus coriaria L., los frutos de este arbusto se utilizaban tradicionalmente para los curtidos del cuero. De ambas especies se ofrece toda la información histórica que ha sido posible reunir, tomada de los autores grecolatinos, andalusíes y otros posteriores.

  15. VARIABILIDADE DE CARACTERíSTICAS FÍSICAS E QUÍMICAS DE FRUTOS DE GERMOPLASMA DE BACURI DA REGIÃO MEIO-NORTE DO BRASIL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUZA VALDOMIRO AURÉLIO BARBOSA DE

    2001-01-01

    Full Text Available Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físicas e químicas de frutos de bacuri coletados de plantas matrizes de ocorrência na região Meio-Norte. As características analisadas foram: comprimento, largura e peso médio de fruto; peso médio de polpa; relação comprimento/largura, espessura de casca; percentagem de casca; percentagem de polpa; percentagem de sementes; número de sementes/fruto; número de secção partenocárpica/fruto; teor de sólidos solúveis totais; acidez total titulável e relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável. Os frutos foram coletados de 26 plantas matrizes de bacuri mapeadas em nove locais de coleta no Piauí e Maranhão. Efetuou-se a avaliação das características físicas e químicas no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Embrapa Meio-Norte, em Teresina-PI, utilizando-se de amostras de frutos de tamanho variável em função da disponibilidade de produção. Foi evidenciado o efeito significativo de local de coleta e de matrizes para todas as características estudadas, à exceção do número de secção partenocárpica/fruto para o qual não houve efeito de local de coleta. As características peso médio de fruto e peso médio de polpa; peso médio de fruto e largura de fruto; peso médio de polpa e largura de fruto; comprimento de fruto e espessura de casca; comprimento de fruto e percentagem de casca; espessura de casca e percentagem de casca, e peso médio de fruto e comprimento de fruto apresentaram altos valores de correlações fenotípicas (rP > ou = 0,85. Estimativas de repetibilidade, variando de 0,50 (percentagem de polpa a 0,98 (acidez total titulável, indicaram ampla variabilidade das características analisadas em relação ao efeito do ambiente permanente.

  16. Uso de Microorganismos Antagonistas en el Control de Enfermedades Postcosecha en Frutos

    OpenAIRE

    Ana Niurka Hernández-Lauzardo; Silvia Bautista-Baños; Miguel Gerardo Velázquez-del Valle; Annia Hernández-Rodríguez

    2007-01-01

    Los microorganismos antagonistas se han utilizado como agentes de biocontrol para diversas enfermedades postcosecha en fruta fresca. Éstos pueden ser aislados de la superficie de los frutos o las hojas. Para el uso adecuado de este tipo de microorganismo es importante comprender los mecanismos de acción involucrados en la actividad de biocontrol, para un desarrollo más seguro de los procesos de aplicación y una base para seleccionar cepas nuevas y eficientes. Se deben abordar estudios básicos...

  17. INTENSIDAD DE PODA SOBRE EL VIGOR, PRODUCCIÓN Y PESO DEL FRUTO, DEL MANGO 'ATAULFO'

    OpenAIRE

    2009-01-01

    La poda es una práctica indispensable para mantener la productividad en huertos de mango; sin embargo, esta labor es poco usual en Nayarit, México, y hasta el momento se desconoce cual es la intensidad más adecuada que permita controlar el tamaño del árbol y obtener rendimientos más altos. El objetivo de este estudio fue evaluar el efecto de la intensidad de poda sobre el vigor del árbol, producción y peso del fruto del mango ¿Ataulfo¿. Se estudiaron las intensidades de poda de 50, 75 y 100 c...

  18. Calidad poscosecha de frutos de pepino cultivados con diferente solución nutritiva

    OpenAIRE

    Delia Moreno Velázquez; Brenda Nataly Hernández Hernández; Juan Manuel Barrios Díaz; Armando Ibáñez Martínez; Wendy Cruz Romero; Raúl Berdeja Arbeu

    2015-01-01

    Numerosas soluciones nutritivas se han formulado para evaluar el crecimiento, desarrollo, comportamiento y absorción de nutrientes en diferentes cultivos; existiendo escasa información en relación a la calidad postcosecha. El objetivo del presente trabajo fue evaluar la calidad postcosecha de frutos de pepino Sanson cultivados con diferente solución nutritiva, el cual se realizó del 6 de abril al 30 de septiembre de 2011, en la Facultad de Ingeniería Agrohidráulica de la Benemérita Universida...

  19. RELACIÓN ENTRE ALGUNOS ÍNDICES DE PRODUCTIVIDAD Y LA DISPONIBILIDAD DE LUZ, AGUA Y NUTRIENTES EN UN CAFETAL DURANTE SU PRIMERA PRODUCCIÓN DE FRUTOS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E. Velasco

    2001-01-01

    Full Text Available El trabajo se realizó con el objetivo de profundizar en la relación que se establece entre dos grupos de variables: el área foliar (AF y la producción de frutos, como variables que caracterizan el potencial productivo de un cafetal (Coffea arabica L. por un lado, y la irradiancia media diaria, la humedad del suelo (HS y el contenido foliar de nitrógeno, fósforo y potasio, variables que en su conjunto caracterizan los recursos disponibles en el ecosistema por otro, utilizando el método multivariado de correlaciones canónicas sobre las matrices de correlación. Los datos se tomaron en un área experimental establecida en el Municipio de Buey Arriba, provincia Granma, a 450 m snm utilizando la variedad Caturra Rojo y con un diseño que generó un gradiente de exposición a la radiación desde parcelas a plena exposición solar hasta parcelas con un exceso de sombra. Para el análisis estadístico, el AF, la HS y los contenidos del N, P y K, se evaluaron en 30 plantas distribuidas al azar en toda el área; se agruparon por separado para las etapas de floración, crecimiento de los frutos y cosecha. Se obtuvo un valor de 0.7384, significativo según la prueba de χ2 (P<0.05, para la correlación canónica considerando los datos de la etapa de cosecha; para los datos de las otras etapas dicha correlación no resultó significativa. La interpretación de los resultados del análisis, basada en las correlaciones entre las raíces obtenidas por el método y las variables observadas, resalta el efecto de una fuerte defoliación en las plantas a plena exposición solar y una relación negativa entre la producción de frutos y el contenido de K durante la cosecha. El método utilizado refleja relaciones entre las variables que son imperceptibles en las matrices de correlaciones simples.

  20. Polinização manual em abobrinha: efeitos nas produções de frutos e de sementes Manual pollination of summer squash: effects on fruit and seed production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Ismael Inácio Cardoso

    2005-07-01

    Full Text Available Neste trabalho foi avaliado o efeito da quantidade de pólen, utilizando-se polinização manual na produção e na qualidade de sementes de abobrinha. Flores femininas foram polinizadas manualmente com a metade ou com o dobro da quantidade de pólen presente em uma flor masculina para a obtenção de sementes denominadas de primeiro ciclo. Posteriormente, flores femininas das plantas oriundas dessas sementes foram novamente polinizadas com as mesmas quantidades de pólen empregadas no primeiro ciclo, obtendo-se sementes denominadas de segundo ciclo. As quatro populações obtidas (duas em cada ciclo, além da original (sementes comerciais da cv. Piramoita, constituíram os cinco tratamentos que foram avaliados em delineamento de blocos casualizados com seis repetições de dez plantas. Foram estimados o número de frutos por planta, a produção de sementes (número e massa por fruto e por planta, o peso de 100 sementes, a germinação e o vigor das sementes obtidas. Foram obtidos maior número de frutos e de sementes por planta no tratamento com utilização do dobro de pólen de uma flor masculina (2º ciclo, superior a utilização de metade do pólen de uma flor masculina no 1º ciclo. A qualidade fisiológica da semente (germinação e vigor não foi afetada pelos tratamentos.The effect of pollen quantity using manual pollination on seed production and the quality of summer squash was evaluated. Female flowers were manually pollinated with a half or twice the pollen quantity of a male flower to get seeds named first cycle. Later, female flowers of plants from these seeds were pollinated again with the same pollen quantity of the first cycle, getting seeds named second cycle. These four "populations" obtained (two in each cycle, besides the original one (commercial seeds of cv. Piramoita, constituted the five treatments evaluated in a randomized block design, with six replications and ten plants/plot. Fruit number per plant, fruit mean

  1. (Mol. Stuntz por arrastre de vapor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ximena Araneda

    2014-01-01

    Full Text Available El objetivo del presente estudio fue elaborar y evaluar jugo de maqui (Aristotelia chilensis(Mol. Stuntz, paraser considerado potencialmente como una bebida funcional de origen natural, sin aditivos químicos y mínimoprocesamiento, mediante la técnica de arrastre por vapor de tipo artesanal. Se utilizó fruto recolectado deforma manual en la Región de La Araucanía (Chile. Se elaboraron dos jugos concentrados, con azúcar y sinazúcar. Se realizaron análisis tales como: contenido de sólidos solubles, pH, acidez, contenido de humedad,materia seca (MS, cenizas totales, azúcares totales (AT, proteína cruda (PC, polifenoles totales (PFT ycarbohidratos totales (CHT, destacando el contenido de polifenoles para el jugo sin azúcar con 993,2 mg 100mL-1EAG y para el jugo con azúcar con 829,208 mg 100 mL-1EAG. Por lo tanto, la técnica permite extraerjugo de maqui con un mínimo procesamiento, presentando éste una alta concentración de polifenoles.

  2. Microrganismos associados a frutos de diferentes cultivares de noz Pecan Microorganisms associated with fruits of different cultivars of Pecan nut

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nádia Izumi Terabe

    2008-04-01

    Full Text Available O conhecimento do comportamento natural da nogueira Pecan às principais doenças é de suma importância para o estabelecimento do planejamento da implantação da cultura. O controle fitossanitário e tratos culturais devem ser realizados de modo a não comprometerem a qualidade do produto final, as amêndoas. Foram avaliadas nozes produzidas na safra de 2005 e oriundas de Uraí-PR, pelas cultivares Burkett, Frotscher e Moneymaker, para identificar e quantificar os microrganismos associados à amêndoas e cascas dos frutos, bem como observar diferenças entre organismos colonizadores das cultivares. Os frutos foram avaliados na pós-colheita, aos trinta dias de armazenamento em ambiente, através da metodologia do papel de filtro, sendo submetidos ou não à assepsia superficial. O fungo Cladosporium caryigenum, promotor da rancificação das amêndoas foi observado, em amêndoas e cascas, nas cultivares Burkett, Frotscher e Moneymaker; Fusarium sp., foi encontrado em porcentuais elevados, tanto em amêndoas quanto em cascas das três cultivares estudadas; Cephalothecium roseum, causador do mofo róseo em amêndoas, na cultivar Frotscher. Aspergillus sp. e Penicillium sp., causadores de emboloramento e produtores de aflotoxinas foram observados em porcentuais representativos, em amêndoas da cultivar Frotscher e em amêndoas e cascas das cultivares Frotscher, Burkett e Moneymaker, respectivamente. Os maiores porcentuais de perda do rendimento foram observados na cultivar Burkett, por causa da incidência de Colletotrichum sp., causador da antracnose em amêndoas, que acarreta escurecimento e deterioração do produto final, levando-o ao descarte.The knowledgement of the natural behavior of the main diseases of Pecan nut is of utmost importance for the stablishment of an implantation plan for that culture. The phytosanitary control and cultural treatments should be performed in order not to change the quality of the final product. Nuts harvest

  3. Resíduos de agrotóxicos em frutos de tomate Pesticide residues in tomato fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leslie Maria Segura Zavatti

    1999-03-01

    Full Text Available O uso intensivo de agrotóxicos em culturas de tomates tem causado preocupações quanto à provável contaminação do produto final. Este trabalho teve como objetivo monitorar, por dois anos consecutivos, em quatro propriedades de uma área altamente tecnificada, o uso de agrotóxicos em tomate irrigado durante seu desenvolvimento, quantificar os resíduos dos principais princípios ativos utilizados, e avaliar o grau de contaminação dos frutos colhidos. Foram analisados metamidofós, clorpirifós, captan, clorotalonil, endosulfan, lambda-cialotrina, e cobre. Para avaliar o grau de contaminação dos frutos foi validado um método de análise de resíduos múltiplos capaz de quantificar esses compostos. Os resíduos encontrados foram de fungicidas e inseticidas aplicados nas fases de frutificação e maturação: captan, 0,35 mg/kg, na Fazenda 2; clorotalonil, 0,16 mg/kg e 0,95 mg/kg, nas Fazendas 1 e 2, respectivamente; lambda-cialotrina, 0,03 mg/kg, na Fazenda 2; cobre, 2,03 mg/kg, 3,75 mg/kg e 1,44mg/kg, nas Fazendas 1, 2 e 3, respectivamente, e 0,95 mg/kg, 1,70 mg/kg e 2,31 mg/kg, na Fazenda 4. Não ocorreram resíduos dos inseticidas organofosforados, aplicados principalmente durante o desenvolvimento vegetativo da cultura. Não houve contaminação dos tomates pelos agrotóxicos analisados. Os resíduos que devem ser monitorados são os dos agrotóxicos aplicados na fase de maturação da cultura.The intensive use of pesticide in tomato crops have been causing concern about a possible contamination of the final product. This work aimed at monitoring, for two years, in four farms located in a high technology area, the use of pesticides in irrigated tomato crops, quantifying the main active ingredient residues and evaluating the contamination level of the fruits. The components analised were: methamidophos, chlorpyrifos, captan, chlorothalonil, endosulfan, lambda-cyhalothrin and copper oxychloride. In order to evaluate the contamination

  4. Composición y remoción nutrimental de frutos de mango 'Haden' y 'Tommy Atkins' bajo producción forzada Fruit nutrient composition and removal by 'Haden' and 'Tommy Atkins' mangos fruits under forced production

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Mellado-Vázquez

    Full Text Available Para mejorar el manejo de la nutrición del mango y mantener la fertilidad del suelo es necesario conocer la composición nutrimental de los frutos así como la cantidad de nutrimentos removidos por la cosecha. En 2009 se realizó el presente estudio con los cvs. Haden y Tommy Atkins bajo producción forzada en el Valle de Apatzingán, Michoacán, México con los objetivos de: i determinar la composición nutrimental de los tejidos del fruto (epidermis, pulpa, testa y embrión; y ii cuantificar la cantidad de nutrimentos removida por la cosecha de los dos cultivares de mango. Se seleccionaron dos huertos comerciales de mango 'Haden' y dos de 'Tommy Atkins', con manejo del riego y tipo de suelo (Vertisol similares. En cada huerto se eligieron cinco árboles de los que se cosecharon dos frutos en madurez fisiológica. Los frutos se separaron en sus tejidos y a cada uno les fue determinado en la materia seca la concentración de N, P, K, Ca, Mg, S, Fe, Cu, Mn, Zn y B. La composición nutrimental de los tejidos del fruto presentó variaciones dentro de cada cultivar. La epidermis y el embrión presentaron las mayores concentraciones de nutrimentos. La cantidad de nutrimentos removidos varió con el tejido, presentándose los valores más altos para pulpa y epidermis y los más bajos para la testa. La cantidad de nutrimentos removida por tonelada de fruto fresco fue similar en los dos cultivares de mango, con excepción del Mn cuya remoción fue mayor en los frutos de 'Haden'. Los intervalos de remoción nutrimental para 'Haden' y 'Tommy Atkins' fueron (kg t-1 fruto fresco: N (1.03-1.11, P (0.22-0.24, K (1.88-2.14, Ca (0.21-0.31, Mg (0.14-0.15, S (0.28-0.33; (g t-1 fruto fresco: Fe (3.53.8, Cu (1.0-1.1, Mn (3.2-4.8, Zn (2.0-2.8 y B (1.5-1.6.To improve the management of mango nutrition and maintain soil fertility it is necessary to know the nutrient composition of the fruit as well as the amount of nutrients removed by the crop planting . This study

  5. Qualidade de frutos de tomate da cv. Santa Clara, mutante de fruto amarelo e seus híbridos F1 Quality of tomato red fruit, cv. Santa Clara, its yellow mutant and respective F1 hybrid

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elizanilda R. do Rêgo

    1999-07-01

    Full Text Available A caracterização de alguns atributos físicos e químicos de frutos de tomate da cv. Santa Clara, um mutante de fruto amarelo, e o híbrido F1 obtido do cruzamento entre eles, foi feita com base nos teores de b-caroteno, licopeno, vitamina C, pH, matéria fresca, matéria seca, diâmetro do fruto, diâmetro do pericarpo, acidez e sólidos solúveis totais dos tecidos loculares e do pericarpo. Os frutos maduros amarelos apresentaram teores reduzidos de b-caroteno, licopeno e vitamina C, enquanto o híbrido apresentou teores semelhantes ao genótipo normal. Tanto o fruto mutante quanto o F1 apresentaram teor de pH menor que o do fruto normal. Não houve diferença significativa quanto a matéria fresca e seca totais, diâmetro do fruto e do pericarpo e acidez. Os teores de sólidos solúveis totais do pericarpo foram inferiores nos frutos do mutante amarelo e F1, em relação ao genótipo normal, enquanto os teores de sólidos solúveis totais da massa locular não diferiram, estatisticamente, entre os genótipos.The determination of some physical and chemical attributes of red fruits from tomato cv. Santa Clara, a yellow mutant and the F1 hybrid, were based on b-carotene, lycopene, vitamin C, pH, fresh and dry weight matter, pericarp and fruit diameter, titrateable acidity and total soluble solids. Ripe fruits of the yellow mutant showed reduced levels of b-carotene, lycopene and vitamin C, while fruits of the F1 hybrid showed levels of carotenoid pigments and vitamin C similar to the red fruit. Both mutant and F1 ripe fruits showed lower pH levels than the red parentals. Total fresh fruit and dry weight matter, pericarp and fruit diameter, and acidity were similar in the three genotypes studied. The total soluble-solids content of the pericarp was lower in the mutant and F1 fruits, whereas their concentration in the locule tissues was similar in all genotypes.

  6. Dieta y comportamiento alimentario de un grupo de mico maicero Cebus apella de acuerdo a la variación en la oferta de frutos y artrópodos, en la Amazonía colombiana Diet and feeding behavior of a group of brown capuchin monkeys Cebus apella according to fruits and arthropods availability, in the Colombian Amazon

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carolina Gómez-Posada

    2012-09-01

    Full Text Available Se analizó la relación entre la abundancia de artrópodos y frutos maduros, con el comportamiento alimentario y dieta de un grupo de Cebus apella en la Amazonía colombiana durante 1999. La oferta de frutos se midió por transectos fenológicos y la abundancia de artrópodos por capturas manuales. La oferta de ambos recursos varió a lo largo del año, lo que permitió establecer tres períodos de disponibilidad combinada: abundancia, oferta intermedia y escasez. Se completaron 708 horas de seguimiento al grupo y con el método de barrido lento se determinó una dieta omnívora, siendo principalmente insectívora - frugívora (48.8% - 42.9%. Los maiceros consumieron 96 especies de plantas y la diversidad mensual de frutos en la dieta, no se correlacionó con la oferta de los mismos. En los meses de abundancia de recursos, tanto frutos como artrópodos fueron consumidos en altas cantidades, y los frutos presentaron una distribución agrupada. Durante los períodos de escasez de recursos, la dieta incluyó pocas especies de frutos, considerados clave, de difícil manipulación, como Cariniana micrantha (Lecythidaceae, y fue complementada con partes vegetales. A diferencia de otros estudios, durante la escasez de frutos, no se presentó el mayor consumo de artrópodos, puesto que éstos igualmente escaseaban. Los maiceros mostraron una dieta generalista - oportunista y utilizaron los recursos en la proporción en la que estuvieron disponibles. Así por ejemplo, los valores de selectividad para frutos fueron muy bajos, y las tasas de éxito de captura de artrópodos se correlacionaron con la disponibilidad de los mismos.The relation between the abundance of fruits and arthropods, and the diet and feeding behavior of a group of Cebus apella was studied in the Colombian Amazon during 1999. Fruit availability was measured using phenological transects, and the abundance of arthropods by using manual captures. The abundance of both resources varied

  7. Influência do método de inoculação, intensidade do ferimento e idade do fruto na severidade da podridão-de-cratera em melão Influence of the inoculation method, intensity of the wound and fruit age on melon crater rot severity

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosemberg Ferreira Senhor

    2008-09-01

    Full Text Available A podridão-de-cratera dos frutos de meloeiro, causada por Myrothecium roridum, vem ocorrendo com freqüência nos plantios da região Nordeste e ocasionando perdas de produção. Foi analisada a influência do método de inoculação (gota, pulverização, gota com ferimento, pulverização com ferimento e injeção subepidérmica, da intensidade (0, 1, 3, 5, 7, 9 e 10 ferimentos e idade de ferimento (0, 3 e 6 horas e da idade do fruto (12, 22 e 27 dias na severidade da podridão-de-cratera em melão dos tipos Amarelo (cv. AF-682 e Honeydew (cv. Orange Flesh, inoculados com três isolados de M. roridum (CMM-609, CMM-636 e CMM-766. A severidade da doença foi influenciada pela interação entre métodos de inoculação, isolados e cultivares. As inoculações por pulverização ou deposição de gota propiciaram maiores lesões nos frutos submetidos a ferimentos. Entretanto, não foram observados sintomas nos frutos sem ferimentos. A inoculação por injeção subepidérmica, apesar de também provocar ferimento no fruto, apresentou lesões menores. A severidade da doença aumentou com o incremento do número de ferimentos, atingindo o máximo com 10 ferimentos. Verificou-se uma tendência de redução da severidade da doença nos frutos com o aumento da idade do ferimento. As lesões foram significativamente menores nos frutos feridos 6 horas antes da inoculação do que naqueles feridos imediatamente antes da inoculação. A idade do fruto não foi determinante para elevação ou redução da severidade da podridão-de-cratera.The crater rot of melon fruits, caused by Myrothecium roridum, frequently occurs in production fields at Northeast region of Brazil and causes yield losses. It was analyzed the influence of the inoculation method (pulverization, drop deposition, pulverization with wound, drop deposition with wound, and sub epidermal injection, wound intensity (0, 1, 3, 5, 7, 9 and 10 wounds and age (0, 3 and 6 hours, and fruit age (12

  8. Correlações genéticas e análise de trilha para componentes da produção de frutos de açaizeiro Genetic correlations and path analysis for yield fruits components of assai palm

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Davi Henrique Lima Teixeira

    2012-12-01

    Full Text Available O conhecimento das correlações genéticas entre os principais caracteres utilizados no melhoramento de plantas serve de base para delinear estratégias otimizadas de seleção. O procedimento da análise de trilha permite refinar essas correlações, desdobrando-as em efeitos diretos e indiretos sobre o caráter principal. O objetivo deste trabalho foi desdobrar as correlações genéticas de caracteres relativos ao cacho e à produção de frutos em progênies de meios-irmãos de açaizeiro em efeitos diretos e indiretos sobre a produção total de frutos, a fim de verificar a melhor estratégia de seleção para obtenção de progênies mais produtivas. Foi instalado um experimento com 25 progênies de meios-irmãos em blocos ao acaso, com quatro repetições e parcela de cinco plantas. Os dados dos anos agrícolas de 2005, 2006 e 2007 foram analisados pelo enfoque de modelos mistos, e as correlações genéticas, submetidas à análise de trilha. A produção de frutos correlacionou-se ao número de meses em produção, número total de cacho, peso de frutos por cacho e ao número de ráquilas por cacho. No entanto, pela análise de trilha, apenas o peso de frutos por cacho, o número de cachos e o número de ráquilas por cacho mostram-se como os principais determinantes na variação da produção de frutos de açaizeiro. Dentre esses caracteres, o número de ráquilas por cacho é o menos influenciado pelo ambiente e, portanto, mais promissor para obter ganhos indiretos na produção total de frutos.The knowledge of the genetics correlations among the main characters used in plant breeding helps to elaborate optimized strategies of selection. The procedure of path analysis allows refining these correlations and partitioning them into direct and indirect effects on a main variable. The objective of this study was to partition the genetic correlations of traits concerning to bunch and yield of half-sib progenies into direct and indirect

  9. EVALUACIÓN Y SELECCIÓN DE NUEVAS LÍNEAS DE TOMATE (Lycopersicon esculentum Mill. CON ALTOS RENDIMIENTOS Y FRUTOS DE ALTA CALIDAD

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Moya

    2005-01-01

    Full Text Available El presente trabajo se llevó a cabo en el Instituto Nacional de Ciencias Agrícolas (INCA, con el objetivo de seleccionar y evaluar nuevas líneas y variedades de tomate de crecimiento indeterminado, obtenidas en el programa de mejora del instituto e introducidas recientemente en el país, las cuales fueran capaces de aportar altos rendimientos y frutos de alta calidad, en las nuevas tecnologías de cultivo utilizadas en la producción comercial. El trabajo se desarrolló durante el período comprendido entre las campañas de invierno 1999- 2000 y 2002-2003, durante el cual se evaluaron 14 combinaciones F1. Se obtuvo la generación F2 y se procedió en cada una de ellas a la selección de las plantas que cumplían con los criterios de selección establecidos, utilizándose un fruto de cada planta, procedimiento que se continuó hasta la generación F5, con la comparación de seis de ellas con el híbrido comercial FA-180 y las variedades Floradel, Saint Pierre y Virginia. El sustrato utilizado se conformó con una mezcla de suelo Ferralítico Rojo y materia orgánica en proporción de 2:1. Se realizaron evaluaciones morfológicas y fenológicas así como determinaciones de rendimiento y sus principales componentes. El diseño experimental utilizado fue un completamente aleatorizado, sembrándose 10 plantas por variedad a una distancia de siembra de 70 cm entre hileras y 25 cm entre plantas. Los resultados experimentales resultantes permiten recomendar las líneas 25, 31, 26 y 24, y la nueva variedad Virginia para pruebas a mayor escala y por su empleo como progenitores en futuros programas de mejora.

  10. Caracterización fisicoquímica y organoléptica del fruto de agraz (vaccinium meridionale swartz) almacenado1 a 2ºC

    National Research Council Canada - National Science Library

    Hernán Guillermo Ávila Rodríguez; Julián Andrés Cuspoca Riveros; Gerhard Fischer; Gustavo Adolfo Ligarreto Moreno; Martha Cecilia Quicazán de Cuenca

    2007-01-01

      Con el propósito de hallar algunas características fisicoquímicas del fruto del agraz, del cual existen pocos conocimientos sobre su calidad, se recolectaron frutos provenientes de Chiquinquirá (Boyacá...

  11. Características produtivas, físicas e químicas de frutos de cultivares de pessegueiros sobre dois porta-enxertos no oeste do Estado de São Paulo Produtive and physical-chemical characteristics of peach cultivar fruits on two rootstocks on the western of São Paulo state

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sônia Maria Nalesso Marangoni Montes

    2008-12-01

    Full Text Available Objetivou-se avaliar as características físicas e químicas de seis cultivares de pessegueiros sobre os porta-enxertos Okinawa e Umê. O trabalho foi desenvolvido no Pólo Regional Alta Sorocabana-APTA, Presidente Prudente-SP, em 2004/2006. Foram avaliados a massa, comprimento, diâmetros sutural dos frutos, produção por planta, teor de sólidos solúveis (SS e acidez titulável (AT. As avaliações permitiram concluir que os porta-enxertos influenciaram na massa dos frutos, tendo sobressaído o Umê, com frutos de maior massa média. Em 2006, ocorreu aumento significativo na produtividade de todas as cultivares, sobressaindo-se as cvs. Talismã e Doçura 2, com valores acima da média. A cv. Doçura 2 sobre 'Okinawa' destacou-se por reunir melhores características físicas dos frutos e produção por planta. As cvs. Talismã e Dourado 2 produziram frutos com maiores valores de massa, comprimento e diâmetro sutural, sobre os porta-enxertos 'Okinawa' e Umê. A cv. Tropical destacou-se pelos atributos de qualidade, independentemente do porta-enxerto.The objective of the study was to evaluate the physical-chemical characteristics of six peach cultivars over the Okinawa and Umê rootstocks. The experiment was carried out at Polo Regional Alta Sorocabana-APTA, in Presidente Prudente, SP. The parameters evaluated were fruit mass,length, sutural diameter, yield per plant, soluble solids content and titratable acidity. The evaluations allowed to conclude that the rootstocks affected the mass of fruits, and Umê showed bigger average mass. In 2006, the results showed a significative increment of yield in all cultivars, and Doçura 2 cultivar when compared to Umê showed values above the average. Doçura 2 cultivar when compared to Okinawa root-stock was distinguished by congregating better fruit physical characteristics and yield per plant. Talismã and Dourado 2 cultivars showed fruits with bigger mass, length and sutural diameter of fruits

  12. Caracterização morfocultural e infecção cruzada de Colletotrichum gloeosporioides agente causal da antracnose de frutos e hortaliças em pós-colheita / Morfocultural characterization and cross infection Colletotrichum gloeosporioides causes anthracnose in fruits and vegetables post-harvested

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lucimar Pereira Bonett

    2010-12-01

    Full Text Available O fungo Colletotrichum gloeosporioides infecta uma grande variedade de plantas em regiões tropicais, subtropicais e temperadas ocasionando consideráveis perdas econômicas em doenças pré e pós-colheita. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a morfologia e a infecção cruzada de isolados de Colletotrichum gloeosporioides obtidos de frutos e hortaliças em pós-colheita. Os isolados foram obtidos de lesões de frutos com sintomas de antracnose e cultivados em meio de cultivo BDA, sendo a avaliação do crescimento micelial realizada por meio de duas leituras diárias do diâmetro das colônias pelo período de quatorze dias e a caracterização morfológica das colônias realizada no final deste período. Para a realização do experimento, utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualisado com três repetições por tratamento. Para o experimento da infecção cruzada foram realizados dois ferimentos em frutos sadios nos quais foram depositados blocos de meio de cultura com 6 mm2 contendo os isolados. O delineamento experimental foi em esquema fatorial de 8 x 8, com quatro repetições. As médias de ambos os experimentos foram analisadas por meio do teste de Scott-Knott com 5% de probabilidade. A maioria dos isolados de C. gloeosporioides possuem grande potencial de infecção cruzada, já que foram capazes de causar lesões em frutos de mamão, manga, abacate, chuchu, jiló, pimentão verde e pimenta. Os isolados de frutos de mamão e abacate apresentaram o maior índice de crescimento micelial e os isolados provenientes do chuchu apresentaram o menor. Quanto ao desenvolvimento de lesões, o mamão apresentou-se mais suscetível, com lesões maiores, enquanto que a pimenta cambuci demonstrou-se a mais resistente, apresentando as menores lesões.

  13. Aplicación de harina de fruto de algarrobo en el desarrollo de productos panificados saludables

    OpenAIRE

    Bigne, Facundo

    2016-01-01

    La harina de fruto de algarrobo, comúnmente conocida como harina de algarroba, proviene de la molienda de los frutos maduros completos del algarrobo (Prosopis spp.), una leguminosa arbórea altamente distribuida en América. La misma contiene importantes cantidades de azúcares, fibra dietaria y minerales. Su contenido total de proteínas es similar al de cereales como el trigo y el maíz y su perfil aminoacídico le da complementariedad con las proteínas de dichos cereales. Su utilización alimenta...

  14. Produtividade e qualidade do melão cantaloupe, cultivado em ambiente protegido, variando o número e a posição dos frutos na planta Fruit yield and quality of cantaloupe melon, under greenhouse conditions, as affected by number of fruits and position in the plant

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Cleiton Fernandes de Queiroga

    2008-12-01

    Full Text Available Os frutos do meloeiro são considerados fortes drenos que alteram a distribuição de fotoassimilados entre os órgãos da planta. Objetivou-se nesse trabalho determinar a produção e a qualidade de frutos de meloeiro em ambiente protegido em função do número e da posição de fixação dos frutos na planta. O experimento foi desenvolvido em fatorial 2 x 2 em blocos ao acaso, com cinco repetições, provenientes da combinação de número de frutos por planta (1 e 2 e posição de fixação dos frutos na planta (entre 5.º e 8.° nós e entre 15.° e 18.° nós. O melão cultivar 'Torreon', do grupo Cantalupensis, foi plantado em vasos de 11,5 dm³ contendo como substrato apenas fibra de coco adubada com macro e micronutrientes. Comparado a plantas com dois frutos, nas plantas com apenas um fruto ocorreram os maiores valores de: massa dos frutos (MF, reticulação da casca (RC, comprimento, índice de formato, espessura da polpa, índice de maturação (IM, sólidos solúveis (SS, açúcares solúveis totais, açúcares não redutores. Em plantas com apenas um fruto, ocorreu redução na produtividade comercial (PC de 21,4% em frutos fixados especificamente entre o 5.° e 8.° nós e 24,9% em frutos do 15.° e 18.° nós comparada a plantas com dois frutos. Em frutos fixados na posição do 15.° e 18.° nós ocorreram maiores MF, IM, PC e ciclo da cultura, bem como, menores RC e acidez total titulável. Foram obtidas correlações significativas para área foliar por fruto (AF x MF de 0,81, AF x SS de 0,79, MF x SS de 0,68, MF x RC de 0,72 e RC x SS de 0,51.Muskmelon fruits are strong sink affecting assimilate distribution among the plant organs. This experiment aimed at to determine yield and quality of 'Torreon' cultivar in greenhouse conditions as affected by fruit number and position in the plant. A 2 x 2 factorial was set in randomized block design, with five replications. Treatments combined fruit number per plant (1 and 2 and

  15. Efeito da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino na semente armazenada Effect of fruit age and post-harvest period of cucumber on stored seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudio José Barbedo

    1999-05-01

    Full Text Available Para avaliar os efeitos da idade e do repouso pós-colheita de frutos de pepino (Cucumis sativus L. de duas cultivares, Pérola (espinhos escuros e Rubi (espinhos claros, sobre as alterações na qualidade fisiológica das sementes durante o armazenamento, conduziu-se um experimento em Botucatu, SP e Bandeirantes, PR, durante quatro anos. Os frutos foram colhidos desde os 15 ('Rubi' ou 20 ('Pérola' dias até 45 dias após a antese, permanecendo em repouso pós-colheita por 0, 5, 10 e 15 dias, antes da extração das sementes. Antes e após dois e três anos de armazenamento (sacos de papel em ambiente de laboratório, foram retiradas amostras para avaliação do potencial germinativo e do vigor. Os resultados revelaram que sementes imaturas, retiradas de frutos colhidos precocemente (até 30 dias após a antese e sem repouso pós-colheita, perderam totalmente a capacidade germinativa no segundo ano de armazenamento. Sementes que apresentavam valores iniciais de germinação mais elevados, as colhidas de frutos maduros (com ou sem repouso pós-colheita ou de imaturos (30 e 35 dias de idade com 10 a 15 dias de repouso pós-colheita, mantiveram valores acima de 70% após três anos de armazenamento.Seeds from two cucumber (Cucumis sativus L. cultivars, Pérola and Rubi, were evaluated in relation to physiological quality to verify the effects of age and postharvest period of fruits on seed storage potential. Fruits were harvested from 15 ('Rubi' or 20 ('Pérola' to 45 days after flowering and mantained in postharvest for 0, 5, 10, and 15 days before seeds extraction, at room conditions. Seeds were dried and stored in paper bags at room conditions for two and three years. Before and after the storage periods, samples were taken to germination and vigour tests. Results showed that immature seeds (extracted from immature fruits - 30 days after flowering without post-harvest period, did not germinate at second year. However, seeds with high

  16. Caracterização dos frutos de maracujá amarelo irrigados com água salina Characterization of fruits of yellow passion fruit irrigated with saline water

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José R.M. Costa

    2001-04-01

    Full Text Available Com o objetivo de se caracterizar frutos de maracujazeiro amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg irrigados com água salina, desenvolveu-se um experimento em Santa Cruz, RN, zona semi-árida do Brasil, cujos tratamentos foram distribuídos em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial 5 x 2, correspondente ao sem revestimento (R0 e com revestimento das faces (R1; R2; R3; R4; respectivamente uma, duas, três e quatro faces irrigadas diariamente com volumes de 5 e 10 L de água. A salinidade da água, superior a 3,0 dS m-1, não interferiu sobre a qualidade externa nem interna dos frutos. O aumento do volume de água resultou em maior massa média dos frutos. A proteção das covas não influenciou o comprimento, diâmetro e número de sementes por fruto nem a espessura da casca, rendimento em polpa, sólidos solúveis totais, acidez total titulável e teores de vitamina C total.With the purpose of characterizing fruits of yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg in plants irrigated with saline water, an experiment was conducted at Santa Cruz, RN, in the semi-arid zone of Brazil. The treatments were distribuited in randomized blocks, with four repetitions, using factorial design 5 x 2 corresponding the planting pits without coating (R0 and with side coatings (R1; R2; R3; R4; respectively one, two, three and four lateral sides, irrigated daily with volumes of 5 and 10 L of water. The water salinity higher then 3.0 dS m-1 did not show effect on the external and internal quality of the fruits. The increase of the volume of water resulted in larger mean weight of the fruits. The protection of the planting pits did not influence the length, diameter or number of seeds for fruit and neither the peel thickness, pulp percentage, total soluble solids, total titratable acidity or total vitamin C contents.

  17. Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada Zucchini yield and nitrate accumulation in fruits as a function of the nitrogen fertilization

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Lima Alves Pôrto

    2012-01-01

    Full Text Available Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1, com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (pDespite Zucchini nutritional and commercial importance, few studies have been carried out with the nitrogen fertilization of the culture. The objective of this research was to evaluate the zucchini yield (cv. Caserta and nitrate accumulation in the fruits as a function of the nitrogen fertilization. The experiment was set in a randomized block design with five rates of mineral N (0; 50; 100; 200 and 400 kg ha-1, with four replications. The number of fruits per plant, average fruit mass, fruit yield and nitrate accumulation in the fruits were significantly affected (p<0.01 by N rates. The maximum number of fruits per plant (7.7 units, mean fruit weight (240 g fruit-1 and fruit yield (29.88 t ha-1 were obtained with 323, 265 and 331 kg ha-1 of N, respectively. The maximum economical efficiency rate of N for the culture of the zucchini was 322 kg ha-1, resulting in a fruit yield of 29.86 t ha-1. The nitrate content in the zucchini fruits presented linear increment as a function of N rates. At the highest N rate, the nitrate content in the fruit fresh matter was 162 mg kg-1. This nitrate contents value does not represent risk for human health.

  18. Visitantes florais e produção de frutos em cultura de laranja ( Citrus sinensis L. Osbeck = Floral visitors and fruit production on sweet orange crop ( Citrus sinensis L. Osbeck

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lourdes Maria Gamito

    2006-10-01

    Full Text Available O presente experimento foi realizado em florada de laranja (Citrus sinensis L. Osbeck, variedade Pera-Rio, com os objetivos de estudar os insetos visitantes nas flores d e laranjeira, o seu comportamento nas flores, o tipo de coleta efetuada e o efeito dessas visitas na produção de frutos, em quantidade e qualidade. Os dados de freqüência foram obtidos por contagem nos primeiros 10 minutos de cada horário, das 8h às 18h, em três dias distintos, percorrendo-se as linhas da cultura. O comportamento forrageiro de cada espécie de inseto foi avaliado através de observações visuais, no decorrer do dia, no período experimental. Os insetos observados foram abelhas africanizadas Apis mellifera, Trigona spinipes e Tetragonisca angustula. As abelhas A. mellifera foram os visitantes florais maisfreqüentes e preferiram coletar néctar comparado ao pólen. Os botões florais descobertos produziram mais frutos que os botões florais cobertos. Os frutos decorrentes do tratamento coberto foram menores, mais ácidos e com menor quantidade de vitamina C que os frutos do tratamento descoberto. The present experiment was carried out in flowerage of sweet orange(Citrus sinensis L. Osbeck, Pera-rio variety, to study the insects involv ed in pollination, their behaviour in the flower (nectar or pollen collection and the effect of the pollination on fruit production (quantity and quality. More frequent insects were recorded daily (counted during ten minutes, every hour from 8:00 a.m. to 6:00 p.m., with three replications. The forage behaviour and nectar and/or pollen collect was also observed. The insect visitors onflowers were Africanized honey bee Apis mellifera, followed by stingless bees Trigona spinipes and Tetragonisca angustula. A. mellifera were the most frequent visitors and preferred to collectnectar than pollen. The uncovered flowers -buds produced more fruits than the covered ones. Another observation was that fruits derived from covered

  19. Qualidade industrial e maturação de frutos de laranjeira "valência" sobre seis porta-enxertos Industrial quality and maturation of fruits of 'valência' sweet orange trees on six rootstocks

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Antonio Martins Auler

    2009-12-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a influência de seis porta-enxertos sobre a maturação e as características físico-químicas de frutos de laranjeira 'Valência', instalou-se um experimento em janeiro de 1994, no município de Nova Esperança-PR. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com quatro repetições, três plantas úteis por parcela e seis tratamentos, constituídos pelos porta-enxertos: limoeiro 'Cravo' (Citrus limonia, tangerineiras 'Cleópatra' (C. reshni e 'Sunki' (C. sunki, citrangeiro 'Troyer' (Poncirus trifoliata x C. sinensis, tangeleiro 'orlando' (C. tangerina x C. paradisi e laranjeira 'Caipira'(C. sinensis. Avaliou-se a qualidade dos frutos em sete safras e a curva de maturação foi estimada para os anos de 1999 e 2000. Todos os porta-enxertos proporcionaram qualidade aceitável aos frutos da laranjeira 'Valência', com destaque para o citrangeiro 'Troyer' que superou o limoeiro 'Cravo' em rendimento industrial. Em um ano considerado com padrão climático normal, a evolução do índice tecnológico ajustou-se a uma equação de regressão quadrática, proporcionando melhor rendimento industrial quando os frutos foram colhidos no início de novembro, independentemente do porta-enxerto utilizado.In order to evaluate the influence of six rootstocks on the maturation and the physical characteristics and chemical composition of 'Valência' fruits, a research was conducted in a field established in 1994, in Nova Esperança city, state of Paraná, Brazil. A complete randomized block design was used, with four replications, three evaluated trees per plot and six treatments, constituted by the rootstocks: 'Rangpur' lime (Citrus limonia, 'Cleopatra' (C. reshni and 'Sunki' (C. sunki mandarins, 'Troyer' citrange (Poncirus trifoliata x C. sinensis, 'orlando' tangelo (C. tangerina x C. paradisi and 'Caipira' sweet orange (C. sinensis. Fruit quality was evaluated along seven harvesting seasons and the maturation curve was

  20. Caracterização química dos frutos de três matrizes de acerola (Malpighia emarginata D.C. Chemical characterization of fruits of three matrices of acerola (Malpighia emarginata D.C.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vanusia Cavalcanti França

    2003-08-01

    Full Text Available A falta de classificação da acerola por classes varietais e a variabilidade de plantas, quanto ao porte, arquitetura da copa, coloração e forma dos frutos despertou o interesse quanto a sua caracterização química. Neste trabalho foram estudados frutos de três matrizes com características físicas distintas, nos estádios de maturação "de vez" e "maduro" e em distintas safras. Observaram-se diferenças significativas através da análise ANOVA e teste de Tukey (pThe lack of classification of acerola fruit in varietal classes and the variability of the plants regarding size, canopy architecture, color and shape of the fruits motivated the interest on its chemical characterization. In this work, fruits of three matrices of acerola with distinct physical characteristics regarding its maturation stages at different seasons, were studied. Significant differences were observed (p<0,05 by Tukey, among some physical (size, weight, physico-chemical (pH and soluble solids, and chemical (reducing and total sugars, ascorbic acid and pectin parameters.

  1. Estudo anatômico do crescimento do fruto em Acca sellowiana Berg. Anatomic study of Acca sellowiana Berg. fruit growth

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karin Esemann-Quadros

    2008-06-01

    Full Text Available A Acca sellowiana Berg. (Myrtaceae é uma frutífera nativa dos planaltos meridionais do Sul do Brasil e que se encontra em processo de domesticação. Seus frutos são doce-acidulados e podem ser consumidos in natura ou empregados para a produção de sucos e doces. Assim, informações sobre o desenvolvimento, morfologia e anatomia de seus frutos são de grande interesse e foram objetos do presente trabalho. O fruto (ovário mais hipanto, no tempo zero (plena floração, tem, em média, 0,6 cm de altura e 0,4 cm de diâmetro, sendo cerca de dez vezes menor que o fruto maduro. Longitudinalmente, identificam-se três regiões distintas: locular, sublocular e prolongamento. Transversalmente, na região mediana, estão delimitadas três regiões: 1 epiderme (casca: com tricomas unicelulares e simples; 2 região parenquimática: rica em braquiesclereídes, isoladas ou em pequenos grupos (2-3 células, com oito feixes vasculares concêntricos perifloemáticos distribuídos radialmente e muitas glândulas esféricas subepidérmicas; 3 região interna (polpa: com células pequenas, cúbicas, nitidamente dispostas em 3-4 camadas ao redor dos lóculos, várias contendo drusa. Quatro lóculos são separados pelos septos e vários óvulos nascem de placentas axiais, com duas fileiras por lóculo. Não ocorrem nectários. À medida que o fruto se desenvolve, surgem, na região intermediária, grupos de células de paredes finas, que crescem muito e diferenciam-se em braquiesclereídes. As placentas crescem, ocupando todo o espaço interior dos lóculos à medida que estes aumentam de tamanho e as sementes se desenvolvem. Assim, o fruto maduro apresenta uma região periférica de consistência firme e gosto adstringente, e uma região central macia e adocicada.Acca sellowiana Berg. (Myrtaceae is a fruit-bearing treelet or shrub native from the highlands of South Brazil. The plant is currently in the domestication process. Its fruit is sweet-acidified and

  2. Produtividade e qualidade de frutos de cultivares de pepino para conserva tipo "cornichon" no Vale do São Francisco Yield and quality of pickling cucumber "cornichon" in the Vale do São Francisco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo M. de Resende

    2002-12-01

    Full Text Available Identificou-se as cultivares mais produtivas de pepino para conserva em um experimento, de setembro a novembro de 1996, no Campo Experimental de Bebedouro/Petrolina (PE. O delineamento experimental utilizado foi de casualizados completos, com 22 cultivares (Calypso, Eureka, Flurry, Francipak, Ginga AG-77, HE-601, HE-657, HE-671, HE-713, Imperial, Nautillus, Navigator, Panorama, Pioneiro, Premier, Prêmio, Primepak, SMR 18 Wisconsin, Supremo, Vlaspik, Vlasset e Vlasstar e três repetições. A parcela experimental foi composta de quatro linhas de 3,0 m de comprimento, com espaçamento de 1,0 x 0,30 m. As cultivares Vlaspik (11,5 t/ha, Eureka (11,2 t/ha, Calypso (11,1 t/ha, Ginga AG-77 (10,7 t/ha, Imperial (10,6 t/ha, Prêmio (10,6 t/ha, Panorama (10,3 t/ha HE-671 (10,2 t/ha, Vlasset (10,1 t/ha, Francipak (10,0 t/ha, Supremo (9,7 t/ha, Primepak (9,5 t/ha, Navigator (9,5 t/ha e Pioneiro (9,3 t/ha, destacaram-se com produtividades mais elevadas, não diferindo estatisticamente entre si. O pior desempenho foi da cultivar SMR 18 Wisconsin, com produtividade comercial de frutos de 6,1 t/ha. No que se refere a número de frutos por planta, observou-se para as cultivares Vlaspik, Eureka, Calypso, Ginga AG-77, Imperial, Prêmio, Panorama, HE-671, Vlasset e Francipak, valores oscilando de 22,7 a 25,7 frutos/planta, não diferindo estatisticamente entre si. Para classificação de frutos comerciais, verificou-se uma maior proporção de frutos tipo 1 (frutos com In 1996, a field experiment was carried out in Petrolina, Pernambuco State, Brazil, to evaluate the yield of pickling cucumber cultivars. The experimental design was a randomized complete block with twenty-two treatments (cv Calypso, Eureka, Flurry, Francipak, Ginga AG-77, HE-601, HE-657, HE-671, HE-713, Imperial, Nautillus, Navigator, Panorama, Pioneiro, Premier, Prêmio, Primepak, SMR 18 Wisconsin, Supremo, Vlaspik, Vlasset and Vlasstar, and three replications. Experimental plots consisted of four

  3. Crecimiento físico y anatómico del fruto de arazá (Eugenia stipitata Me Vaugh Physieal and anatomieal growth of araza fruit (Eugenia stipitata Me Vaugh

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernández G. María S.

    2002-08-01

    Full Text Available En el Municipio El Doncello, Departamento del Caquetá, en el huerto comercial de la Finca 'Copoazú' se realizó el estudio de los cambios ocurridos durante el desarrollo del fruto de arazá, desde el cuajamiento hasta la madurez de consumo. Las condiciones climáticas promedio de la zona son temperatura 25°C, humedad relativa del 85%, precipitación anual 3600 mm y brillo solar 1500 horas/año. Se evaluaron cambios físicos de diámetros longitudinal y transversal, peso fresco y seco, firmeza, así como también cambios anatómicos. Se encontró que el período transcurrido entre el cuajamiento y la
    madurez comercial del fruto de arazá es de 55 ± 5 días. Se identificaron 3 etapas de crecimiento, la primera de división celular, la segunda de máximo crecimiento, la cual corresponde a la expansión celular y una etapa final de estabilización del crecimiento. El tejido principal del fruto de arazá es el parénquima, cuyas células son inicialmente pequeñas, de paredes gruesas y de tamaño uniforme. En la última etapa del crecimiento dichas células aumentan de tamaño y presentan formas irregulares, con paredes adelgazadas, que se rompen durante la senescencia. El epicarpio del fruto de araza es monoestratificado, con una delgada capa de cera discontinua; en él se pueden identificar estomas cuyo número promedio es de 0.3 estomasxmm'. Su tamaño y apariencia permiten inferir que no son funcionales en la etapa de maduración del fruto, pero no se descarta que puedan contribuir de manera parcial a su transpiración. La pérdida de firmeza del fruto durante la maduración puede
    estar causada por la ausencia de tejido de sostén.
    The changes that take place during the development of the
    fruit of arazá were studied from the anthesis to ripening. It was registered and analyzed the longitudinal and transverse diameters, fresh and dried weight, firmness, and anatomical, modifications. lt was found that 55 ± 5 days

  4. Morfologia do fruto, da semente e morfo-anatomia da plântula de Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae Fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings of Vitex megapotamica (Spreng. Moldenke (Lamiaceae

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Luiz Cosmo

    2009-06-01

    Full Text Available Vitex megapotamica (tarumã é espécie arbórea, decídua, com ocorrência, no Brasil, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul. Visando à caracterização morfológica do fruto, da semente e morfo-anatômica da plântula, frutos desta espécie foram coletados e as sementes postas para germinar em laboratório. As plântulas foram coletadas desde a protrusão da raiz até o desenvolvimento do primeiro par de eofilo. Foram realizadas medições e pesagem de frutos, e contagem do número de sementes por frutos. As características morfológicas do fruto e da semente são aqui descritas e ilustradas, assim como a morfo-anatomia da plântula. O fruto é drupóide, nuculânio, tetralocular, contendo apenas uma ou duas sementes com fina camada de endosperma e embrião axial, foliáceo. O diásporo (pirênio é constituído pelo endocarpo mais a semente. O endocarpo lenhoso parece exercer restrição sobre a germinação das sementes desta espécie. A plântula é epigea, fanerocotiledonar, com paracotilédones elípticos, com margem inteira, e eofilos opostos, simples, elípticos, com margem serreada, apresentando tricomas tectores. Tanto o paracotilédone quanto o eofilo apresentam mesofilo heterogêneo, dorsiventral, feixe colateral em forma de arco e estômatos anomocíticos. A raiz é poliarca, com córtex parênquimático; o hipocótilo possui tricomas glandulares e não-glandulares, colo distinto, e com cerca de 20 dias encontra-se em início de crescimento secundário. Diversas das características da plântula de Vitex megapotamica estão relacionadas à sua condição de espécie heliófila.Vitex Megapotamica (tarumã is a deciduous tree occurring in Brazil from Minas Gerais to Rio Grande do Sul States. In order to characterize fruit and seed morphology and morpho-anatomy of seedlings, fruits of this species were collected and seeds were germinated in the laboratory. Seedlings were collected from root protrusion to development of the

  5. Daños por frío en zapote mamey (Pouteria sapota (Jacq.) H. E. Moore and Stearn). II. cambios en fenoles totales y actividad enzimática

    OpenAIRE

    2005-01-01

    En frutos de zapote mamey (Pouteria sapota (Jacq.) H. E. Moore and Stearn) se estudió la maduración a temperatura ambiente (20 °C; 50-60 % HR) y el comportamiento de este proceso durante y después del almacenamiento a bajas temperaturas (5, 10 y 15 °C; 80-85 % HR). Durante el cambio de madurez fisiológica a madurez de consumo en los frutos de zapote mamey almacenados a 20 °C por 12 d los fenoles totales disminuyeron de 1653 a 646 mg kg-1 y la actividad de polifenol oxidasa (PFO) se incrementó...

  6. Determinação da maturidade fisiológica de frutos de maracujazeiro amarelo colhidos na região norte do estado do Rio de Janeiro, Brasil Determination of the physiologic maturity on yellow passion-fruit harvested in north of Rio de Janeiro State, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Vianna-Silva

    2010-03-01

    Full Text Available O trabalho teve como objetivo determinar o ponto de maturidade fisiológica dos frutos de maracujazeiro amarelo produzidos na região Norte Fluminense, na tentativa de se antecipar o ponto de colheita dos frutos, visando a qualidade e o aumento da vida de prateleira dos mesmos. Os frutos foram colhidos em três períodos diferentes. A colheita 1 foi realizada aos 45 dias após a antese (daa; a colheita 2 aos 54 daa e a colheita 3 aos 63 daa. Após cada colheita os frutos foram lavados, secos e divididos em dois lotes para avaliação. O primeiro lote foi avaliado imediatamente após a colheita, e o segundo foi armazenado em câmara (23 ± 3ºC e 85 ± 8% UR. Os frutos foram analisados periodicamente a cada 3 dias, quanto aos seguintes atributos de qualidade: coloração e espessura da casca, rendimento de suco e teores de sólidos solúveis (SS e acidez titulável (AT. Os resultados indicaram que o tempo de desenvolvimento do fruto de maracujazeiro amarelo, dentro do período de 45 a 63 daa, influenciou na qualidade do fruto colhido na região. Para as condições deste trabalho, o ponto ideal de colheita foi aos 63 daa, podendo, também, ser colhido a partir do 54º daa, porém, com perda de cerca de 21,0 % no rendimento de suco. Verificou-se, também, que durante a fase de amadurecimento, a manutenção dos frutos na planta retarda a evolução da coloração, bem como, a redução na espessura da casca do fruto, em comparação ao colhido e armazenado.This work aimed to determine the physiologic maturity of yellow passion-fruit produced in North Fluminense, with the aim of advancing the point of fruit harvest and improving the quality and shelf life the fruit. The fruit were harvested in three different periods. Harvest 1 occurred during the 45 days after anthesis (daa; harvest 2 from 54 daa and harvest 3 from 63 daa. After each harvest, the fruit were washed, dried and separated in two groups for evaluation. The first group was evaluated

  7. Qualidade de sabor de tomates dos tipos salada e cereja e sua relação com caracteres morfoagronômicos dos frutos Taste quality of salad and cherry tomatoes and their relationship with the morphoagronomic characteristics of the fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fábio Moreira Sobreira

    2010-08-01

    Full Text Available Frutos no estádio vermelho maduro de trinta e três acessos de tomate do banco de germoplasma do CCA-UFES, sendo 15 do "tipo Cereja" e 18 do "tipo Salada", foram caracterizados com base nos seguintes descritores morfoagronômicos: peso médio do fruto; comprimento médio do fruto; diâmetro médio do fruto; diâmetro da cicatriz peduncular; espessura do mesocarpo do fruto; teor de sólidos solúveis e pH do fruto. Com base nas variáveis teor de sólidos solúveis (TSS e pH do fruto, calculou-se a variável sabor, por meio da relação TSS/pH². Foram realizadas análises de variâncias e análises de correlações simples e parciais, determinando a distribuição dos acessos quanto às classes de sabor. Com base nas distribuições de frequências, formaram-se quatro classes para essa variável, sendo que, a maior parcela (33% dos acessos "tipo Salada" alocaram-se na classe mais baixa (0,05-0,12 ºBrix.pH-2, correspondendo a frutos de sabor menos desejável, enquanto a maior parcela (30% dos acessos "tipo Cereja", alocaram-se em classe imediatamente superior (0,13-0,20 ºBrix.pH-2. Os dados demonstram a possibilidade de se obter ganhos genéticos para sabor concomitantemente ao peso, comprimento e espessura do mesocarpo dos frutos.Fruits in the ripe red stage of thirty three tomato (Lycopersicon esculentum Mill. accessions from CCA-UFES germplasm collection, being 15 "Cherry type" and 18 "Salad type", were characterized based on the following morphooagronomic descriptors: average fruit weight; average fruit length; average fruit diameter; peduncle scar diameter; fruit mesocarp thickness; soluble solids and fruit pH. Based on the data from the soluble solids and fruit pH, the flavor variable was calculated by the ratio TSS/pH². Variance analysis and simple and partial correlations were calculated, and the accessions were clustered in flavor classes. Based on the statistical model of distribution of frequencies, four classes were formed for

  8. Caracterización biológica del virus del mosaico de la sida de Sinaloa: transmisión por semilla, rango de hospedantes y asociación con partículas subvirales

    OpenAIRE

    Domínguez Durán, Gustavo

    2014-01-01

    En México la horticultura es una de las actividades de primordial importancia, tanto por la generación de divisas como por la generación de empleos; sin embargo, existen diferentes plagas y enfermedades que afectan su producción, siendo estas últimas el principal factor limitante, destacando las inducidas por los virus por su impacto en rendimiento y calidad en frutos. Los begomovirus infectan plantas dicotiledóneas, son trasmitidos por mosquita blanca y su genoma puede ser ...

  9. Diversidad de frutos que consumen tres especies de murciélagos (Chiroptera: Phyllostomidae en la selva lacandona, Chiapas, México Diversity of fruits consumed by three species of bats (Chiroptera:Phyllostomidae in the Lacandona rainforest, Chiapas, Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alinka Olea-Wagner

    2007-06-01

    Full Text Available Este estudio amplía el conocimiento de los hábitos alimentarios de 3 especies de murciélagos frugívoros como dispersores de semillas en 2 localidades de la selva alta perennifolia en la zona sur de la Reserva de la Biosfera de Montes Azules (REBIMA, y dentro del Ejido Playón de la Gloria (PDLG. Se estimó la abundancia relativa de Artibeus lituratus, Carollia perspicillata y Sturnira lilium, así como la diversidad y categoría sucesional de los frutos que consumen estas 3 especies en ambas localidades, mediante la identificación de semillas en las excretas. La división de especies vegetales por categoría sucesional mostró que A. lituratus y C. perspicillata consumen frutos tanto de especies pioneras como de especies persistentes, mientras que S. lilium únicamente se alimenta de especies pioneras. Durante la época seca A. lituratus y C. perspicillata presentaron una mayor diversidad y riqueza de especies consumidas dentro de la REBIMA, en tanto que en la época de lluvia mostraron mayor diversidad y riqueza dentro de PDLG; es decir, la diversidad de semillas colectadas por ambos dispersores responde a la época anual. S. lilium presentó mayor riqueza y diversidad dentro de PDLG a lo largo del muestreo indicando preferencia por frutos establecidos en estadios tempranos en la sucesión vegetal.This study examined the feeding habits of three species of frugivorous bats in relation to their role as seed dispersers in two localities, one in a Neotropical rainforest area in the southern part of the Montes Azules Biosphere Reserve (REBIMA, and the other in Ejido Playón de la Gloria (PDLG. We estimated the relative abundance of Artibeus lituratus, Carollia perspicillata and Sturnira lilium. We determined the diversity and the successional category of fruits consumed by these species in both localities through the identification of seeds in their feces. The plant species diversity based on successional category showed that A. lituratus and C

  10. Production and quality of tomato fruits under organic management Produção e qualidade dos frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Débora S Toledo

    2011-06-01

    Full Text Available Information about the production and quality of tomato cultivars under organic management and the conditions of climate and soil from the north region of Minas Gerais State, Brasil, are scarce. Thus, this research was carried out to evaluate the production and quality of tomato cultivars under organic management, in this region. The treatments consisted of four open pollination tomato cultivars (Chadwick Cherry, Pitanga vermelha, Santa Clara and Santa Cruz Kada and five hybrid cultivars (Marguerita, Nicolas, Ellen, Magestade and Dominador. The experimental design was of randomized blocks with three replications. The experiment was carried out using organic fertilization in the initial preparation of the area, compost and rock phosphate and sprays with Bordeaux mixture, neem oil and fertilizer. The marketable yield varied from 12.3 t ha-1 to 23.9 t ha-1. The hybrid Marguerita presented higher marketable production (23.9 t ha-1. The cultivars Chadwick Cherry and Pitanga Vermelha reached similar production as most cultivars and larger proportions of marketable and giant fruits, and therefore, better market quality. All the cultivars presented low potassium and manganese levels in foliar tissue suggesting an evaluation after various organic manuring cycles and better nutrition conditions are necessary to permit the comparison of the performance of cultivars in this system.Informações sobre a produção e qualidade de frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico, nas condições de clima e solo do Norte de Minas Gerais, Brasil, são escassas. Por isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e qualidade de frutos de cultivares de tomateiro, sob manejo orgânico, em Montes Claros-MG. Os tratamentos consistiram de quatro cultivares de tomate de polinização livre (Chadwick Cherry, Pitanga Vermelha, Santa Clara e Santa Cruz Kada e cinco cultivares híbridos (Marguerita, Nícolas, Ellen, Majestade e Dominador. Foi utilizado o

  11. Caracterização morfológica e química de frutos de rambutan Morphologic and chemical characterization of rambutan fruits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Aparecida de Andrade

    2008-12-01

    Full Text Available Com a procura de alternativas por parte dos produtores e de novas opções pelos consumidores, o mercado de frutas exóticas tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil. O rambutan encontra-se entre as frutíferas com potencial de mercado, sendo, no entanto, necessário maior conhecimento sobre a cultura, como adequada escolha de genótipos para cada região e manejo do pomar. Diante disso, realizou-se o presente trabalho, na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Câmpus de Jaboticabal-SP, que teve por objetivo as caracterizações morfológica e química de frutos de rambutan, verificando a distinção de genótipos e distância genética entre os materiais. Foram avaliados: tamanho do fruto, comprimento dos filamentos, espessura da casca, tamanho da semente, peso do fruto, peso da casca, peso da semente, porcentagem de polpa, teores de sólidos solúveis (ºBrix, ácido ascórbico e acidez titulável. Realizaram-se ainda observações quanto a: coloração da casca, filamentos e polpa, aderência da polpa à casca, aderência da polpa à semente e presença de tegumento da semente na polpa. Com base nos resultados obtidos neste trabalho, pode-se concluir que os materiais A51 e B03 apresentam maior conjunto de características desejáveis, sendo promissores aos produtores na instalação de novos plantios da cultura.With the increase in the search of alternatives by the producers, and of new options for the consumers, the market of exotic fruits has been gainig more space in Brazil. The rambutan is among the fruits with market potential, however it is necessary more knowledge about the culture, appropriate genotype choice for each area and handling of the orchard. Considering that, the present research was accomplished at the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Campus of Jaboticabal, São Paulo State, Brazil, aiming to study the morphologic and chemical characterization of rambutan fruits, verifying the

  12. O pessegueiro no sistema de pomar compacto: IV. Intensidade e época de raleio dos frutos dos cultivares Tropical e Aurora-1 The peach meadow orchard system: IV. Intensity and time of hand fruit thinning of Tropical and Aurora-1 cultivars

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wilson Barbosa

    1991-01-01

    Full Text Available A intensidade e a época do raleio dos frutos do pessegueiro podem influenciar diretamente a qualidade do produto, razão pela qual foram pesquisadas em um pomar compacto (4.167 plantas por hectare, sob poda drástica anual de renovação da copa. O experimento foi executado na Estação Experimental de Jundiaí (23°08'S e 46°55'W, do Instituto Agronômico (IAC, sob clima do tipo Cwa, mesotérmico úmido, também denominado de tropical de altitude, com cerca de 80 horas anuais de frio abaixo de 7°C. Utílizaram-se os cultivares Tropical, de maturação bem precoce (fins de setembro, e Aurora-1, de maturação precoce (meados de outubro. Efetuou-se o raleio com 30, 40 e 50 dias pós-antese (DPA, deixando-se 30, 60 e 90 frutos por planta. Os melhores resultados, reunindo fatores qualitativos e quantitativos, foram obtidos no raleio aos 30 DPA, mantendo-se 60 frutos por planta. Neste tratamento, o 'Tropical' apresentou frutos com peso médio de 60,9 gramas, o que equivale à produção de 3,654kg/planta (15,2t/ha; com o 'Aurora-1', o peso médio dos frutos foi de 72,0 gramas, correspondendo à produção de 4,320kg/planta (18,0t/ha. Aqualidade final do produto diminuiu à medida que se atrasou a época do raleio e, principalmente, quando se manteve maior quantidade de frutos por planta. O 'Tropical' adaptou-se melhor ao sistema de pomar compacto: floresceu no 9° mês e seus frutos amadureceram no 12ª mês após a poda drástica da copa.The effect of intensity and time of hand thinning on the mean fruit weight and productivity was studied on 'Tropical' and 'Aurora-V peaches. The trees were cultivated under the meadow orchard system, 4,167 plants per hectare, with drastic pruning. The experimental plot was located at the Estação Experimental of Jundiaí (23°08'S and 46°55W of the Instituto Agronômico of Campinas, State of São Paulo, Brazil, with 80 tours per year of temperature below 7°C. The time of hand thinning was 30, 40 and 50 days

  13. Biometria de frutos e sementes e emergência de plântulas de duas espécies frutíferas do gênero Campomanesia Biometrics of fruits and seeds and seedling emergence of two species fruit of the Campomanesia genus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Camargo de Oliveira

    2011-06-01

    Full Text Available As espécies Campomanesia adamantium e Campomanesia pubescens são morfologicamente semelhantes, ocorrem em ambientes comuns do Bioma Cerrado, por isso são difíceis de serem separadas e identificadas. Os objetivos foram analisar dados biométricos de frutos e sementes de C. adamantium e de C. pubescens, além do processo de emergência das plântulas, para fins de comparações entre as espécies. Em novembro de 2007, de 50 frutos de cada espécie, foram realizadas medidas do comprimento transversal (mm e longitudinal (mm dos frutos e das sementes, massa da matéria fresca dos frutos (g, número de lóculos por fruto e número de lóculos com sementes. Para o teste de emergência, dois experimentos independentes, um para cada espécie, foram instalados em delineamento inteiramente casualizado, com seis métodos de beneficiamento dos frutos para remoção, secagem ou lavagem da mucilagem e quatro repetições com 40 sementes por parcela. Com frutos mais volumosos, com maior acúmulo de massa fresca e maior amplitude biométrica em relação aos de C. pubescens, C. adamantium apresenta potencial para seleção de materiais promissores para fins de melhoramento. A secagem à sombra por 24 horas das sementes com mucilagem reduz os percentuais de emergência e de plântulas normais, além da velocidade de emergência de plântulas de C. adamantium, embora este método seja indiferente para plântulas de C. pubescens. Sob as mesmas condições experimentais, plântulas de C. pubescens apresentam maior capacidade de emergência e de plântulas normais, além de maiores frequências diárias de plântulas emersas e redução dos tempos de emergência em relação às plântulas de C. adamantium.The species Campomanesia adamantium and Campomanesiapubescens are morphologically similar, occur in common areas in the Cerrado, so they are difficult to be separated and identified. The objectives were to analyze biometrics of fruits and seeds of C. adamantium

  14. EVALUATING THE FRUIT PRODUCTION AND QUALITY OF CHERRY TOMATO (Solanum lycopersicum var. cerasiforme EVALUACIÓN DE LA PRODUCCIÓN Y CALIDAD DEL FRUTO DEL TOMATE CEREZA Solanum lycopersicum var. cerasiforme

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nelson Ceballos Aguirre

    2012-06-01

    de calidad del fruto de 30 introducciones de tomate cereza provenientes del banco de germoplasma de la Universidad Nacional de Colombia -Sede Palmira en ensayos realizados en la granja Montelindo de la Universidad de Caldas (1010 m sobre el nivel del mar; temperatura media, 22,8°C; precipitación promedio anual, 2200 mm; humedad relativa, 76%. Se usó un diseño experimental de látice rectangular 5 x 6, con 30 tratamientos (introducciones y un testigo comercial (Sweet Million, 4 repeticiones/tratamiento y 5 plantas/repetición como unidad experimental. Se utilizaron descriptores sugeridos por el antiguo Instituto Internacional de Recursos Fitogenéticos, ahora Bioversity International. Los datos fueron analizados estadísticamente utilizando análisis de varianza y la prueba de promedios de Duncan a través del programa SAS. Adicionalmente se realizaron análisis de componentes principales y agrupamiento por dendrograma por medio del procedimiento Princom y Cluster de SAS (SAS Institute, Cary, NC. Seis componentes principales explicaron el 80,39% de la variabilidad morfológica de las introducciones evaluadas. Los materiales más promisorios en términos de peso promedio de fruto, producción por planta, rendimiento y contenidos de sólidos solubles, vitamina C y licopeno fueron IAC1624, IAC391, IAC3652, LA2131, IAC424, IAC1621, IAC426, LA1480 y IAC1688. La amplia variabilidad fenotípica de las introducciones evaluadas favorece la posibilidad de selección y mejoramiento genético en tomate por caracteres asociados a la producción y calidad del fruto.

  15. Gorgojos (Coleoptera: Curculionidae perjudiciales para "frutos rojos" en la Argentina Weevils (Coleoptera: Curculionidae harmful for berry fruits in Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. Guadalupe Del Rio

    2010-06-01

    Full Text Available Se registraron seis especies de gorgojos de rostro corto de la subfamilia Entiminae que causan daños en cultivos de frutos rojos, en la Argentina. Tres de ellas son exóticas y se distribuyen a lo largo de los bosques patagónicos: Otiorhynchus ovatus (Linnaeus, O. rugosostriatus (Goeze y O. sulcatus (Fabricius(Otiorhynchini; otras tres son nativas y habitan en la zona norte y central del país: Hyphantus sulcifrons Boheman (Anypotactini, Naupactusxanthographus (Germary N. cervinus Boheman (Naupactini. Las larvas viven en el suelo y se alimentan de la superficie externa de las raíces de sus plantas hospedadoras, causan daños más importantes que los adultos, los cuales se alimentan principalmente sobre el follaje. Los principales objetivos de esta contribución son: aportar una clave, diagnosis y fotografías de los hábitos de las seis espec