WorldWideScience

Sample records for aureus resistentes ao

  1. Staphylococcus aureus resistente a vancomicina.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carlos Andrés Rodríguez

    2005-12-01

    Full Text Available Objetivo. Revisar la evolución y mecanismos moleculares de la resistencia de Staphylococcus aureus a vancomicina. Fuente de los datos. Se consultó la base de datos MEDLINE y se seleccionaron artículos tipo reportes de caso, estudios bioquímicos, de microscopía electrónica y biología molecular pertinentes. Síntesis. Después de casi 40 años de eficacia ininterrumpida de la vancomicina, en 1997 se reportaron los primeros casos de fracaso terapéutico debido a cepas de Staphylococcus aureus con resistencia intermedia, denominadas VISA (concentración inhibitoria mínima, CIM, 8 a 16 ?g/ml, así como a cepas con resistencia heterogénea hVISA (CIM global = 4 ?g/ml, pero con subpoblaciones VISA, en las cuales la resistencia está mediada por engrosamiento de la pared celular y disminución de su entrecruzamiento, lo que afecta la llegada del antibiótico al blanco principal, los monómeros del peptidoglicano en la membrana plasmática. En 2002 se aisló la primera de las 3 cepas reportadas hasta la fecha con resistencia total al antibiótico, denominadas VRSA (CIM>32 ?g/ml, en las que se encontró el transposón Tn1546 proveniente de Enterococcus spp, responsable del reemplazo de la terminación D-Ala-D-Ala por D-Ala-Dlactato en los precursores de la pared celular con pérdida de la afinidad por el glicopéptido. Conclusiones. La resistencia a vancomicina es una realidad en S. aureus, mediada en el caso de VISA por alteraciones en la pared celular que atrapan el antibiótico antes de llegar al sitio de acción, y en el caso de VRSA, por transferencia desde Enterococcus spp. de genes que llevan a la modificación del blanco molecular.

  2. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao herbicida glyphosate

    OpenAIRE

    Paula,J.M.; Vargas,L.; AGOSTINETTO,D.; NOHATTO, M. A.

    2011-01-01

    C. bonariensis (Conyza bonariensis) é uma planta daninha da família Asteraceae, amplamente distribuída no Brasil, com presença marcante nos Estados do Rio Grande do Sul e do Paraná. Biótipos de C. bonariensis resistentes ao glyphosate foram identificados nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes manejos de inverno e na pré-semeadura da soja sobre a população de plantas de C. bonariensis resistente ao herbicida glyphosate...

  3. Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SARM)

    Centers for Disease Control (CDC) Podcasts

    2007-10-22

    Datos importantes sobre las infecciones por SARM en Estados Unidos, en las escuelas y los entornos médicos. (Title: Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA)Created: 10/2007).  Created: 10/22/2007 by National Center for Preparedness, Detection, and Control of Infectious Diseases.   Date Released: 11/9/2007.

  4. Staphylococcus aureus METICILINA RESISTENTE: UM DESAFIO PARA A SAÚDE PÚBLICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laís Monteiro Sales

    2015-12-01

    Full Text Available Os Staphylococcus aureus são bactérias naturalmente presentes em cerca de um terço da população. As cepas que apresentam resistência à meticilina são denominadas MRSA (Staphylococcus aureus meticilina resistente. As mesmas têm sido relatadas como a principal causa de infecções nosocomiais na América Latina, tendo a incidência crescente também na comunidade. O padrão de virulência e as dificuldades encontradas no tratamento das infecções causadas por essas bactérias têm feito da sua disseminação um grave problema de saúde pública. Diante disso, o objetivo deste estudo foi de esclarecer alguns aspectos relacionados ao surgimento, disseminação e controle das mesmas.

  5. Catalase-negative, methicillin-resistant Staphylococcus aureus as a cause of septicemia Staphylococcus aureus catalase-negativo resistente a meticilina como causa de septicemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Lúcia Innaco de Carvalho

    2003-01-01

    Full Text Available A catalase-negative methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA was isolated from blood, venous catheter spike and bone marrow collected from an HIV-positive man with lobar pneumonia and sepsis after ten days of hospitalization. The isolate was resistant to oxacillin (positive for penicillin-binding protein 2', ceftriaxone, clindamycin and clarithromycin, and susceptible to vancomycin. This is the first case of septicemia due to a catalase-negative S. aureus reported in Brazil, and, to our knowledge, it is the first case of catalase-negative MRSA reported in the literature. We believe that the patient acquired the S. aureus infection within the hospital environment since it was isolated ten days after hospitalization, it was isolated in a venous catheter spike, and the antibiotic resistance profile is similar to other S. aureus isolates recovered from infections in our hospital.Em um paciente HIV-positivo, com pneumonia lobar e septicemia, foi isolada, após dez dias de internação, uma cepa de Staphylococcus aureus catalase-negativa, resistente a meticilina/oxacilina (MRSA, de culturas de sangue, cateter venoso central e medula óssea. A cepa era resistente a oxacilina (PBP 2' positivo, ceftriaxona, clindamicina e claritromicina, e sensível a vancomicina. Este é o primeiro caso, reportado no Brasil, de uma septicemia por S. aureus catalase-negativo e, em nosso conhecimento, o primeiro caso de um S. aureus catalase-negativo resistente a meticilina. Nós acreditamos que o paciente tenha adquirido a infecção no ambiente hospitalar, uma vez que esta cepa foi isolada aos dez dias de internação, foi isolada em cateter venoso central e o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos é semelhante ao dos S. aureus de infecções nosocomiais que ocorrem em nosso hospital.

  6. TERAPIA FOTODINÂMICA COM AZUL DE METILENO SOBRE CEPA DE Staphylococcus aureus RESISTENTE À METICILINA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mirian Alves Freitas

    2017-01-01

    Full Text Available S. aureus é o agente etiológico de maior importância associado às infecções adquiridas tanto em âmbito comunitário ou hospitalar, devido a sua capacidade de desenvolver resistência às terapias convencionais. A Terapia Fotodinâmica (TFD surge como alternativa a ser utilizada no controle de cepas resistentes aos antibioticos. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos da TFD com Azul de Metileno (AM sobre cepas de S. aureus resistente à meticilina (MRSA. As amostras foram diluídas em PBS estéril de acordo com a escala 0,5 de MacFarland. Os grupos foram compostos com diferentes concentrações de AM, incubados no escuro durante 15 minutos e irradiados por LED Biopdi/Irrad-Led5 em 660nm com fluência de 10 J/cm². Posteriormente, foram semeadas e incubadas à 37ºC por 24 horas. A contagem de Unidades Formadoras de Colônias (UFCs demonstrou que a TFD foi eficaz na menor concentração testada de AM sobre cepas de MRSA.

  7. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao herbicida glyphosate Management of Glyphosate-resistant Conyza bonariensis

    National Research Council Canada - National Science Library

    J.M. Paula; L. Vargas; D. Agostinetto; M.A. Nohatto

    2011-01-01

    ... distribuída no Brasil, com presença marcante nos Estados do Rio Grande do Sul e do Paraná. Biótipos de C. bonariensis resistentes ao glyphosate foram identificados nos Estados do Rio Grande do Sul...

  8. Staphylococcus aureus Meticilina Resistente (MRSA e Infecções Nosocomiais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    CRISTINA PAIVA SOUSA

    2009-12-01

    Full Text Available Um número crescente de cepas de Staphylococcus aureus meticilina resistente (MRSA apresentam resistência a múltiplos agentes antimicrobianos e são implicadas como causas de infecções hospitalares. S. aureus podem ser isolados de ambiente hospitalar e profissionais da saúde, revelando o risco de transmissão desses microrganismos pelo contato direto ou indireto com pacientes hospitalizados. Objetivou-se nesta revisão correlacionar este microrganismo com infecções hospitalares e avaliar as possíveis fontes de infecção, bem como enfatizar a importância do investimento em ações de educação em saúde que culminem em minimização de infecções hospitalares. Palavras-chave: Staphylococcus aureus meticilina resistente. Infecções nosocomiais.

  9. Staphylococcus aureus resistente a meticilina asociado a la comunidad: aspectos epidemiológicos y moleculares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Angel Luján Roca

    2013-01-01

    Full Text Available El Staphylococcus aureus resistente a meticilina asociado a la comunidad (SARM-AC está ampliamente diseminado en el mundo. Es epidémico en algunos países y posee dos marcadores moleculares característicos: el SCCmec IV y la leucocidina de Panton-Valentine, ambos escasamente encontrados en el SARM asociado a la asistencia médica.

  10. Surveillance van meticilline resistente Staphylococcus aureus in Nederland in 1990

    NARCIS (Netherlands)

    Frenay HME; van Leeuwen WJ; van Klingeren B; Rost JA; Schot CS

    1991-01-01

    Follow-up studies on the prevalence of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) in Dutch hospitals were continued in 1990. The number of MRSA-isolates in 1990 compared to 1989 is approximately the same. Phage-type pattern and antibiogram were determined for 168 MRSA-isolates from 42 hosp

  11. Methicillin-resistente Staphylococcus aureus (MRSA) in der medizinischen Rehabilitation

    OpenAIRE

    Hergenröder, H.; Mielke, Martin; Höller, C.; Herr, C.

    2012-01-01

    Reha-Kliniken legen im Umgang mit Methicillin-resistentem Staphylococcus aureus (MRSA) häufig das Hygienemanagement der akutmedizinischen Versorgung zugrunde, was Patienten mit positivem MRSA-Status den Zugang in die stationäre Rehabilitation erschwert. In einer Arbeitsgruppe der Bayerischen Landesarbeitsgemeinschaft Multiresistente Erreger (LARE) wurde die Problematik auf Basis einer systematischen Literaturrecherche, der Gründung eines Expertengremiums sowie der Auswertung vorliegender Hygi...

  12. Staphylococcus aureus meticilino resistente adquirido na comunidade: um problema mundial

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Síntia de Souza Evangelista

    2015-02-01

    Full Text Available Objetivo: descrever a epidemiologia dos casos de CA-MRSA no Brasil de forma a compreender sua ocorrência, fatores de risco associados e formas de manejo em relação à situação mundial. Método: revisão integrativa e para seleção dos estudos utilizou-se as bases de dados: Scopus, Science direct, Isi Web of Knowledge, PUBMED e BVS. Resultados: foram identificados dez artigos nacionais que descreveram 21 casos de CA-MRSA principalmente em crianças, adolescentes e adultos com quadro de infecção de pele e tecidos moles evoluindo para infecções graves relacionados ao clone Oceania Southwest Pacific Clone (OSPC que resultaram em hospitalização. Conclusão: apesar do CA-MRSA ser considerado um micro-organismo de relevância mundial verificou-se a escassez de dados publicados sobre sua epidemiologia no Brasil, o que dificultam o delineamento da realidade do país frente ao CA-MRSA.

  13. Manejo de capim pé-de-galinha em lavouras de soja transgênica resistente ao glifosato

    OpenAIRE

    André da Rosa Ulguim; Leandro Vargas; Dirceu Agostinetto; Taísa Dal Magro; Nixon da Rosa Westendorff; Marcelo Timm Holz

    2013-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de capim pé-de-galinha (Eleusine indica) ao glifosato, em lavouras de soja transgênica; avaliar o efeito de aplicações de glifosato em diferentes estádios de desenvolvimento; identificar práticas agronômicas associadas à seleção de biótipos resistentes; e avaliar a eficiência dos herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico, clomazona, glufosinato de amônio e glifosato nas plantas resistentes. Plantas escapes ao tratamento com glifosato foram ...

  14. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao herbicida glyphosate Management of Glyphosate-resistant Conyza bonariensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.M. Paula

    2011-03-01

    Full Text Available C. bonariensis (Conyza bonariensis é uma planta daninha da família Asteraceae, amplamente distribuída no Brasil, com presença marcante nos Estados do Rio Grande do Sul e do Paraná. Biótipos de C. bonariensis resistentes ao glyphosate foram identificados nos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes manejos de inverno e na pré-semeadura da soja sobre a população de plantas de C. bonariensis resistente ao herbicida glyphosate. Os resultados evidenciaram que a população de C. bonariensis é maior em áreas mantidas sem cultivo (pousio do que naquelas áreas cultivadas com trigo ou aveia-preta durante o inverno. Observou-se que o trigo e a aveia-preta exercem efeito supressor sobre a população de C. bonariensis, proporcionando maior facilidade de controle com herbicida na pré-semeadura da cultura usada em sucessão. O controle de C. bonariensis resistente ao herbicida glyphosate foi satisfatório quando se utilizaram herbicidas pós-emergentes na cultura do trigo e glyphosate + 2,4-D ou glyphosate + diuron + paraquat na pré-semeadura da soja.Horseweed (Conyza bonariensis, which belongs to the Asteraceae family, is a weed species widely spread in Brazil. Horseweed biotypes resistant to glyphosate, the main herbicide used in Roundup Ready soybean fields, were identified in the states of Rio Grande do Sul and Parana. The aim of this study was to evaluate the effect of different winter and pre-sowing management techniques on soybean plant population of C. bonariensis resistant to glyphosate. The results showed that the population of C. bonariensis is larger in areas maintained fallow than in areas planted with wheat or oats during the winter. Wheat and oats were found to exert a suppressive effect on the population of C. bonariensis, providing greater ease of control with herbicide before seeding in the culture used in succession. The control of glyphosate-resistant C

  15. Staphylococcus aureus resistentes à meticilina: disseminação emergente na comunidade Methicillin-resistant Staphylococcus aureus: emerging community dissemination

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cristina Gelatti

    2009-10-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus é uma bactéria responsável por uma ampla variedade de enfermidades infecciosas. A grande preocupação está relacionada, principalmente, com os isolados resistentes à meticilina (MRSA, que, tradicionalmente, estavam limitados aos hospitais. Nos últimos anos, infecções causadas por MRSA associadas ou adquiridas na comunidade (CA-MRSA têm sido relatadas com frequência crescente em todo o mundo. Algumas características fenotípicas e genéticas são distintas entre a forma de infecção hospitalar e a comunitária. Atualmente, verifica-se um perfil de sensibilidade reduzido para diferentes antimicrobianos; sendo assim faz-se necessário um alerta aos profissionais da saúde, particularmente aos dermatologistas, para a importância da distinção entre as formas de infecções, evitando uma terapia empírica incorreta e sem sucesso.Staphylococcus aureus is responsible for a broad variety of infectious diseases. The main concern is about methicillin-resistant isolates (MRSA, which are usually limited to hospitals. In recent years, community associated or acquired MRSA infections (CA-MRSA have been frequently reported and emerged in the world. Some phenotypic and genotypic characteristics are distinct between hospital and community infection. Currently, there is reduced sensibility profile to different antimicrobials, reason why it is necessary to issue an alert to healthcare professionals, dermatologists in particular, about the importance of knowing the differences between the infections, preventing wrong and unsuccessful empirical therapy.

  16. Sepse por Staphylococus aureus resistente à meticilina adquirida na comunidade no sul do Brasil Sepsis due to community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciane Cristina Gelatti

    2009-08-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus resistente à meticilina foi inicialmente descrito como um típico microrganismo adquirido em infecções nosocomiais. No entanto, nos últimos anos Staphylococcus aureus resistente à meticilina adquirido na comunidade é causa de infecções de pele e tecidos moles, mas infecções graves como pneumonia e sepse podem ocorrer. Este relato descreve um caso de sepse em criança, complicado com pneumonia secundária a lesão em partes moles por Staphylococcus aureus resistente à meticilina adquirido na comunidade no Sul do Brasil. O paciente foi atendido em Unidade de Emergência com história de ferimento provocado por trauma em membro inferior que evoluiu para celulite, pneumonia e sepse.Methicillin-resistant Staphylococcus aureus was initially described as a typical microorganism acquired in nosocomial infections. However, over recent years, community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus has been a cause of skin and soft-tissue infections. Serious infections such as pneumonia and sepsis can also occur. This report describes a case of sepsis in a child that was complicated by pneumonia secondary to soft tissue lesions that were due to community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus in southern Brazil. The patient was attended at the Emergency Unit with a history of injury caused by lower-limb trauma that evolved to cellulitis, pneumonia and sepsis.

  17. Analysis of the genetic diversity of vancomycin-resistant Staphylococcus aureus Análise da diversidade genética do Staphylococcus aureus resistente à vancomicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo B. Melo

    2005-06-01

    Full Text Available Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA and methicillin-resistant coagulase-negative staphylococci (MRCoNS are among the most frequent causes of hospital infections worldwide, thus justifying the increasing use of vancomycin. In this study, we evaluated the presence of glycopeptide-resistant staphylococci, in 41 patients hospitalized in the Clinical Hospital of the Federal University of Uberlândia in Uberlândia, MG, who were being treated with vancomycin. All isolates were plated on Mueller-Hinton agar containing vancomycin. Vancomycin resistance was confirmed by surface growth after incubation for 24-48 h at 35ºC. Heteroresistance was evaluated by plating with a large inoculum (10(8 CFU/mL. One patient with nephritis who was on a hemodialysis program was diagnosed with the phenotype isolate of vancomycin-intermediate Staphylococcus aureus (VISA (CIM = 8 mug/mL and in eight patients, strains of heteroresistant Staphylococcus corresponding to the hVISA phenotype were isolated. In addition to the extended use of vancomycin, other risk factors associated with the presence of these microorganisms included the use of three or more antimicrobial agents, surgery, and three or more invasive procedures. Molecular analysis by randon amplified polymorphic DNA polymerase chain reaction (RAPD-PCR showed two clusters involving two samples each one of them, in surgical patients, with temporal and spatial relationship and isolates similarity concerning the susceptibility range to antimicrobial agents.Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA e Staphylococcus coagulase negativo resistente à meticilina (MRCoNS são os agentes mais freqüentes em infecções hospitalares mundialmente, justificando o incremento no uso de vancomicina. Neste estudo avaliamos a presença de Staphylococcus resistentes aos glicopeptideos em 41 pacientes, em uso de vancomicina, hospitalizados no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia em

  18. Suscetibilidade comparativa a herbicidas pós-emergentes de biótipos de Digitaria ciliaris resistente e suscetível aos inibidores da ACCase

    OpenAIRE

    R.F. López-Ovejero; Carvalho, S.J.P.; Nicolai,M.; Christoffoleti,P.J.

    2006-01-01

    Esta pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a possibilidade de resistência múltipla aos herbicidas inibidores da ACCase, ALS e síntese de carotenos em um biótipo de capim-colchão (Digitaria ciliaris) resistente aos inibidores da ACCase. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando dois biótipos de capim-colchão: um resistente (R) e outro suscetível (S) aos herbicidas inibidores da ACCase. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repe...

  19. Pigmentos fotossintéticos em azevém suscetível e resistente ao herbicida glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Tiago Edu Kaspary

    2014-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi quantificar o teor de pigmentos fotossintéticos em biótipos de azevém (Lolium multiflorum suscetíveis e resistentes ao glyphosate, por dois diferentes métodos, bem como, estabelecer uma correlação entre o índice de clorofila obtido pelo equipamento portátil e a metodologia clássica (clorofila extraível. Um experimento foi conduzido em casa de vegetação e laboratório da Universidade Federal de Santa Maria, Campus de Frederico Westphalen - RS - em esquema fatorial 2X4, em que o fator A equivaleu aos biótipos de azevém (resistente e suscetível a glyphosate e o fator B a estádios de desenvolvimento das plantas (afilhamento, vegetativo I e II, e reprodutivo. O biótipo de azevém suscetível apresentou maiores teores de clorofila a, b, total e carotenoides, inferindo em um maior potencial competitivo frente ao biótipo resistente ao herbicida. A determinação do teor de clorofila pelo determinador portátil apresentou alta correlação com o método clássico de determinação de pigmentos fotossintéticos, podendo, assim, ser usado com precisão na avaliação deste, proporcionando economia de tempo bem como do uso de reagentes.

  20. VARIACIÓN GENÉTICA DEL ANTIBIOTIPO METICILINA RESISTENTE DE AISLAMIENTOS DE Staphylococcus aureus DE ORIGEN BOVINO EN EL VALLE DE TOLUCA

    OpenAIRE

    LÓPEZ VÁZQUEZ, MARGARITA

    2013-01-01

    El Staphylococcus aureus, es uno de los principales patógenos, identificados en la mastitis bovina. El tratamiento de esta enfermedad, se realiza principalmente con antibióticos β- lactámicos; sin embargo, se han reportado aislamientos de S. aureus resistentes a este tipo de antibióticos. En la actualidad, existe gran preocupación por la presencia de S. aureus resistente a meticilina (MRSA) en vacas lecheras, debido a que suponen un problema terapéutico, esto implica resistencia a todos los a...

  1. Fagoterapia frente a infecciones por Staphylococcus aureus meticilino resistente en ratones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús H Tamariz

    2014-03-01

    Full Text Available Objetivos: Evaluar la actividad de los bacteriófagos frente a infecciones localizadas y sistémicas producidas por Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA Materiales y métodos. Se realizó un estudio de tipo experimental en 45 ratones de la cepa Balb/c divididos en nueve grupos de cinco individuos. Se aislaron diez bacteriófagos nativos a partir de muestras clínicas y efluentes hospitalarios, se evaluó su capacidad lítica y su espectro de actividad, en base a lo cual se seleccionaron seis fagos para los ensayos de fagoterapia. Adicionalmente, se empleó un bacteriófago de origen comercial. La fagoterapia fue evaluada mediante profilaxis y terapia de infecciones localizadas y sistémicas causadas por la inoculación de MRSA por vía subcutánea y endovenosa respectivamente. Se probó la efectividad de tres esquemas terapéuticos: monoterapia, cóctel de fagos en múltiples dosis y de cóctel de fagos en una sola dosis. También se comparó la actividad terapéutica de los fagos frente a vancomicina y clindamicina. Resultados. El cóctel de fagos y la terapia a diversas dosis fueron efectivos para prevenir y controlar infecciones localizadas por MRSA, su actividad fue similar a la de vancomicina y clindamicina. La dosis única del cóctel de fagos no logró controlar la infección localizada; asimismo, la fagoterapia no resultó efectiva en infecciones sistémicas. Conclusiones. La fagoterapia se proyecta como una alternativa viable frente a infecciones causadas por MRSA. Se requieren estudios que evalúen aspectos relacionados con la inocuidad de los fagos frente al paciente

  2. Fagoterapia frente a infecciones por Staphylococcus aureus meticilino resistente en ratones

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús H Tamariz

    Full Text Available Objetivos: Evaluar la actividad de los bacteriófagos frente a infecciones localizadas y sistémicas producidas por Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA Materiales y métodos. Se realizó un estudio de tipo experimental en 45 ratones de la cepa Balb/c divididos en nueve grupos de cinco individuos. Se aislaron diez bacteriófagos nativos a partir de muestras clínicas y efluentes hospitalarios, se evaluó su capacidad lítica y su espectro de actividad, en base a lo cual se seleccionaron seis fagos para los ensayos de fagoterapia. Adicionalmente, se empleó un bacteriófago de origen comercial. La fagoterapia fue evaluada mediante profilaxis y terapia de infecciones localizadas y sistémicas causadas por la inoculación de MRSA por vía subcutánea y endovenosa respectivamente. Se probó la efectividad de tres esquemas terapéuticos: monoterapia, cóctel de fagos en múltiples dosis y de cóctel de fagos en una sola dosis. También se comparó la actividad terapéutica de los fagos frente a vancomicina y clindamicina. Resultados. El cóctel de fagos y la terapia a diversas dosis fueron efectivos para prevenir y controlar infecciones localizadas por MRSA, su actividad fue similar a la de vancomicina y clindamicina. La dosis única del cóctel de fagos no logró controlar la infección localizada; asimismo, la fagoterapia no resultó efectiva en infecciones sistémicas. Conclusiones. La fagoterapia se proyecta como una alternativa viable frente a infecciones causadas por MRSA. Se requieren estudios que evalúen aspectos relacionados con la inocuidad de los fagos frente al paciente

  3. Obtenção de plantas de feijão-caupi resistentes ao Cowpea severe mosaic virus e ao Cowpea aphid-borne mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislanne Brito Barros

    2013-06-01

    Full Text Available Dentre os vírus que infectam o feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp. destacam-se, respectivamente, pela severidade e ampla ocorrência o Cowpea severe mosaic virus (CPSMV e o Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV. Portanto, objetivaram-se, no presente trabalho, obter e avaliar plantas de feijão-caupi com resistência ao CPSMV e ao CABMV, visando ao desenvolvimento de cultivares essencialmente derivadas e novas cultivares. Realizaram-se oito cruzamentos seguidos de retrocruzamentos, utilizando a linhagem TE 97-309G-9 e a cultivar Patativa como genitores resistentes, e as cultivares BR3-Tracuateua, BRS-Urubuquara, BRS-Novaera, BRS-Guariba e Pretinho como genitores suscetíveis. As gerações F2 e F2RC1 foram desafiadas quanto à resistência por meio de inoculação mecânica com isolados do CPSMV e do CABMV. Nas gerações F2RC1, além da resistência foram avaliados os caracteres: número de dias para o início da floração, comprimento das vagens, número de grãos. vagem-1, peso de cem grãos e produção de grãos.planta-1. Todos os indivíduos F2 e F2RC1 foram analisados pelo teste χ² e se ajustaram à frequência esperada de 15 plantas suscetíveis 1 planta resistente a ambos os vírus. As médias das plantas F2RC1 resistentes, de cada retrocruzamento, foram comparadas com a média do seu respectivo genitor recorrente pelo teste 't' e as médias dos retrocruzamentos foram comparadas pelo teste de Scott-Knott. Foi detectada variabilidade genética entre os retrocruzamentos para todos os caracteres. Todos os retrocruzamentos foram considerados promissores para produção de cultivares essencialmente derivadas resistentes ao CPSMV e ao CABMV e as plantas selecionadas possuem características que possibilitam a seleção de linhagens com grãos de bom padrão comercial e altamente produtivas.

  4. Staphylococcus aureus resistente a meticilina adquirido en la comunidad aislados en tres hospitales de Lima-Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesús Tamariz

    2010-01-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus es un importante patógeno involucrado en una serie de infecciones e intoxicaciones, presenta múltiples factores de virulencia y su impacto se incrementa por su notable resistencia a los antimicrobianos. Objetivo: Determinar la frecuencia de Staphylococcus aureus meticilino resistente adquiridos en la comunidad, en hospitales de Lima- Perú. Material y métodos: Se realizó un estudio descriptivo multicéntrico. La resistencia a meticilina se determinó por el método Oxacillin Agar Screen. El origen de la cepa fue determinado mediante los criterios de los CDC; la Leucocidina de Panton Valentine fue identificada por métodos moleculares. Resultados: Se aislaron 276 cepas de Staphylococcus aureus, 160 fueron resistentes a meticilina (58%, 9 de ellas fueron identificadas como adquiridas en la comunidad (5,6%. La PVL fue identificada en 25 cepas (9,1%, 14 fueron MSSA y 11 MRSA, de éstas últimas solo 4 fueron MRSAcom, 7 fueron MRSAhosp (p<0,001. Conclusiones: El estudio revela niveles elevados de resistencia a meticilina, pero niveles bajos de MRSAcom. En nuestro medio la presencia de PVL no constituiría un marcador para la identificación de los MRSAcom. (Rev Med Hered 2010;21:4-10.

  5. Aislamiento de Staphylococcus aureus meticilino resistente en abscesos de mama en una Maternidad Pública

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cristina Boccaccio

    2014-06-01

    Full Text Available La mastitis y los abscesos de mama representan un factor de riesgo para el abandono de la lactancia. Se incluyen dentro de las infecciones de piel y partes blandas y comparten los cambios epidemiológicos que llevan a replantear el tratamiento empírico inicial. Se estudiaron 137 casos de abscesos de mama desde enero de 2007 a diciembre de 2011. Se analizó incidencia, días postparto, factores de riesgo, datos microbiológicos y tratamiento antibiótico. Desde 2007a 2011 se observó un constante aumento de la incidencia de casos: 0.19 vs. 0.84% (p < 0.001. Días postparto de aparición del absceso 41.9 ± 35.8 días (Media ± DE, primiparidad 70.6%. Los factores de riesgo más frecuentemente encontrados fueron grietas del pezón e ingurgitación mamaria (95%. Staphylococcus aureus (SA fue el responsable de 82.3 a 95.0% de los abscesos según los años; la resistencia a oxacilina de las cepas de SA superó el 60%. Las cepas aisladas de SA meticilino resistentes (SAMR fueron sensibles a eritromicina clindamicina, gentamicina, rifampicina, ciprofloxacina y trimetroprima-sulfametoxasol en diferentes porcentajes según los años. Requirieron drenaje el 100% de los casos; en 60% el tratamiento empírico inicial fue inadecuado. Continuaron amamantando 90% de las madres. Estos datos enfatizan la necesidad de prevenir los factores de riesgo: grietas del pezón e ingurgitación mamaria. La modificación del tratamiento antibiótico inicial requiere el estudio bacteriológico de las infecciones de piel y partes blandas dado que la prevalencia de SAMR no es uniforme y varía en diferentes poblaciones y ubicaciones geográficas.

  6. Primer aislamiento en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina

    OpenAIRE

    Errecalde, Laura; Ceriana, Paola; Gagetti, Paula; Erbín, Mariana; Duarte, Andrea; María J Rolón; Cuatz, Daniel; Corso, Alejandra; Kaufman, Sara

    2013-01-01

    Describimos el primer caso en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina. Caso clínico: Paciente masculino, con antecedente de insuficiencia renal crónica en hemodiálisis y osteosíntesis de cadera debido a una fractura. Se internó por síndrome febril persistente luego del desplazamiento de la prótesis por un traumatismo. Se aisló de hemocultivos S. aureus resistente a l...

  7. Prevalencia de infección por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en heridas crónicas en atención primaria de Lleida: estudio retrospectivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carme Marquilles Bonet

    2015-12-01

    Full Text Available Objetivo: averiguar la prevalencia de infecciones por Staphylococcus aureus (S. aureus y S. aureus resistente a meticilina (MRSA en los cultivos de heridas crónicas en atención primaria de la región sanitaria de Lleida y valorar la prescripción de antibioterapia oral según resultado del antibiograma. Diseño: estudio transversal retrospectivo. Muestra: cultivos realizados en heridas crónicas de enero de 2010 a diciembre 2012. Resultados: se estimó una prevalencia de cultivos positivos a Staphylococcus aureus resistente a meticilina de 3,77% (intervalo de confianza IC al 95%: 2,1-5,5 y de S. aureus no resistente a meticilina de 8,79% (IC 95%: 1,1-6,1 calculado sobre el número total de cultivos registrados en este periodo. Conclusiones: la prescripción de antibióticos respecto al antibiograma es más precisa al tener como respuesta un MRSA que un cultivo de S. aureus.

  8. Macroprolactinoma resistente aos agonistas dopaminérgicos: relato de caso Macroprolactinoma resistant to dopamine agonists: a case report

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosana Maria dos Reis

    2004-09-01

    Full Text Available Os macroprolactinomas são tumores benignos hipofisários, secretores de prolactina, manifestando-se com amenorréia, galactorréia e disfunção gonadal. O tratamento de primeira escolha é clínico, com agonistas dopaminérgicos. O tratamento cirúrgico é reservado para os raros casos que não respondem ao tratamento clínico, intolerância à medicação ou nos casos agudos quando ocorre a hemorragia intra-tumoral. Descrevemos o caso de uma paciente portadora de macroprolactinoma submetida a duas ressecções cirúrgicas e resistente ao tratamento clínico, com evolução não usual.Macroprolactinomas are benign prolactin-secreting pituitary tumors, causing amenorrhea, galactorrhea and gonadal dysfunction. Clinical treatment with dopamine agonists is the first-choice therapy. Surgery is indicated for the rare cases that are resistant to clinical treatment, when there is intolerance to the medication, or intratumoral hemorrhage is detected. We describe the case of a female patient with macroprolactinoma submitted to two surgical procedures and resistant to clinical treatment, with unusual evolution.

  9. Prevalencia de infección por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en heridas crónicas en atención primaria de Lleida: estudio retrospectivo

    OpenAIRE

    Carme Marquilles Bonet; Sandra Alexandre Lozano; Jordi Real Gatius

    2015-01-01

    Objetivo: averiguar la prevalencia de infecciones por Staphylococcus aureus (S. aureus) y S. aureus resistente a meticilina (MRSA) en los cultivos de heridas crónicas en atención primaria de la región sanitaria de Lleida y valorar la prescripción de antibioterapia oral según resultado del antibiograma. Diseño: estudio transversal retrospectivo. Muestra: cultivos realizados en heridas crónicas de enero de 2010 a diciembre 2012. Resultados: se estimó una prevalencia de cultivos positivos a Stap...

  10. Prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a meticilina en infecciones de piel y partes blandas en pacientes ambulatorios

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verónica Bermejo

    2012-08-01

    Full Text Available Recientemente se ha observado un aumento en la prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SAMR en pacientes ambulatorios con infecciones de piel y partes blandas (IPyPB. Los datos epidemiológicos locales disponibles son limitados. Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo, de consultantes con IPyPB en la División Infectología del Hospital General de Agudos Juan A. Fernández, en el período 01/10/2009 a 31/01/2011. Fueron 130; edad mediana 36 años (RIC 25.9-43.5; hombres 61.5%. El 46.9% era HIV+. Cien cultivos (76.9%, de 100 pacientes, resultaron positivos: 83 S. aureus, 8 Streptococcus spp. y 9 con otros microorganismos. De los S. aureus aislados, 62 (74.7% fueron resistentes a oxacilina, 12 (14.4% a clindamicina, 14 (16.9% a eritromicina, 5 (6% a ciprofloxacina, presentando en algunos casos más de una resistencia. Todos fueron sensibles a rifampicina y minociclina, y 98.8% (82 a trimetoprima-sulfametoxazol. El 83.8% (52 de los pacientes con SAMR tenían algún factor de riesgo (FR, sin diferencias con los pacientes con otros aislamientos. La presentación clínica más frecuente de IPyPB / SAMR fue forunculosis: 56.4 (35/62 vs. 28.9% (11/38 en infecciones por otros microorganismos (p = 0.013. La resistencia a oxacilina fue similar entre pacientes HIV+ y negativos (79.1 vs. 70%, p = 0.179 (34/43 vs. 28/40. Concluimos que en la población estudiada se encontró una alta prevalencia de SAMR, independientemente de la serología para HIV o la presencia de FR. Las opciones de tratamiento empírico para este microorganismo son minociclina y trimetoprima-sulfametoxazol.

  11. Crescimento e competitividade de biótipos de capim-colchão resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da acetil coenzima A carboxilase.

    OpenAIRE

    López Ovejero,Ramiro Fernando; Novo,Maria do Carmo de Salvo Soares; CARVALHO, Saul Jorge Pinto de; Nicolai,Marcelo; Christoffoleti,Pedro Jacob

    2008-01-01

    O objetivo deste trabalho foi comparar o crescimento e a habilidade competitiva de dois biótipos de capim-colchão (Digitaria ciliaris), um resistente (R) e outro suscetível (S) aos herbicidas inibidores da acetil coenzima A carboxilase. O crescimento dos biótipos foi determinado pela coleta da matéria seca das plantas, aos 14, 21, 25, 28, 34, 42, 49, 57, 65, 72, 78, 86, 101, 111 e 118 dias após emergência (DAE). Os dados de massa de matéria seca foram ajustados ao modelo logístico e, também, ...

  12. Staphylococcus aureus resistente a meticilina: bases moleculares de la resistencia, epidemiologia y tipificacion

    National Research Council Canada - National Science Library

    Correa Ochoa, Margarita Maria; Jimenez Quiceno, Judy Natalia

    2009-01-01

    Staphylococcus aureus es responsable de un amplio espectro de cuadros clinicos que van desde infecciones en la piel y los tejidos blandos hasta enfermedades sistemicas muy graves que amenazan la vida...

  13. Evaluación del cocimiento de diferentes biovariedades de Caesalpinia spinosa (tara frente a cepas de Staphylococcus aureus sensibles y resistentes a oxacilina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José María Guevara G

    2014-04-01

    Full Text Available Objetivos: Comprobar la actividad antimicrobiana de tres biovariedades de tara frente a cepas de Staphylococcus aureus sensibles y resistentes a oxacilina. Diseño: Estudio descriptivo, prospectivo, analítico. Institución: Instituto de Medicina Tropical Daniel A. Carrión, Facultad de Medicina, Universidad Nacional Mayor de San Marcos, Lima, Perú. Material biológico: Tres biovariedades de tara y cepas de Staphylococcus aureus. Intervenciones: Se evaluó 31 cepas de S. aureus oxacilina sensibles y 29 resistentes, aislados de muestras clínicas, frente a tres cocimientos de tara de las zonas de Huamanga, Huarochirí y Tarma. Se preparó el cocimiento de tara y se impregnó discos en blanco para utilizarlos como un antibiograma por disco difusión. Principales medidas de resultados: Diámetro de los halos de inhibición. Resultados: Los tres cocimientos presentaron actividad antimicrobiana frente a las cepas de Staphylococcus aureus; el cocimiento de Huamanga presentó mayor halo de inhibición frente a cepas sensibles y resistentes. El cocimiento de Huarochirí mostró mayor halo de inhibición en cepas oxacilino resistentes que sensibles; la diferencia fue significativa. El cocimiento de Huarochirí tuvo una actividad menor y fue significativa, frente a los cocimientos de Huamanga y Tarma. Conclusiones: El cocimiento de Huarochirí presentó menor actividad que los de Huamanga y de Tarma.

  14. Comparação de métodos na determinação de sensibilidade à vancomicina em Staphylococcus aureus resistente à meticilina Comparison of methods to determination of vancomycin sensivity in methicillin-resistant Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Caroline Manfredini

    2011-04-01

    Full Text Available INTRODUÇÃO: Infecções por Staphylococcus aureus resistentes à meticilina (MRSA são cada vez mais comuns, tanto em ambiente hospitalar como na comunidade. O principal antimicrobiano utilizado no tratamento de infecções causadas por MRSA é a vancomicina e devido ao seu uso indiscriminado surgiram cepas com sensibilidade diminuída. A partir de 2009 foi estabelecido que o teste de sensibilidade à vancomicina deve ser feito por métodos de concentração inibitória mínima (MIC. Por isso, este trabalho teve por objetivo determinar a sensibilidade à vancomicina em cepas MRSA por meio de diferentes metodologias, comparando os valores de MIC obtidos. METODOLOGIA: Foram analisadas 46 cepas de S. aureus resistentes à oxacilina provenientes do Hospital Mãe de Deus, de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. As técnicas de MIC empregadas foram macrodiluição em caldo, método comercial Etest® e automação Microscan Walk Away (Siemens®. RESULTADOS: Todas as cepas foram sensíveis à vancomicina mediante todas as metodologias, contudo o Etest® apresentou valores de MIC mais elevados quando em comparação com a macrodiluição. A automação teve resultados equivalentes aos demais métodos por apresentar o valor de sensível como INTRODUCTION: Methicillin resistant Staphylococcus aureus (MRSA infections are increasing, both in hospitals and the community. Vancomycin is the main antibiotic used to treat MRSA infections and this widespread use led to the emergence of isolates with reduced susceptibility. Since 2009 it was established that the susceptibility test to vancomycin should be determined using minimum inhibitory concentration (MIC. OBJECTIVE: Based on the above, this study aimed to determine vancomycin susceptibility in MRSA isolates comparing antimicrobial susceptibility methods recommended by Clinical and Laboratory Standards Institute (CLSI. METHODOLOGY: We analyzed 46 isolates of S. aureus resistant to methicillin from Mãe de Deus

  15. Methicillin-resistente Staphylococcus aureus (MRSA) in der Veterinärmedizin : ein "New Emerging Pathogen"?

    NARCIS (Netherlands)

    Walther, Birgit; Friedrich, Alexander W; Brunnberg, Leo; Wieler, Lothar H; Lübke-Becker, Antina

    2006-01-01

    The problem of nosocomial infections is of increasing importance in veterinary medicine. As an example, this review summarizes current knowledge regarding methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) as a typical example, as these pathogens are the most important agents of nosocomial infection

  16. Análise do risco da ocorrência de biotipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas The risk of finding herbicide resistant weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1997-01-01

    Full Text Available A análise do risco da ocorrência de biótipos de planta s daninhas resistentes aos herbicidas dispõe de fundamentos teóricos adequados, porém é limitada pela falta de mais informações genéticas das espécies daninhas. O risco de encontrar uma área infestada com biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas depende de dois aspectos: da probabilidade de seleção de um mutante resistente a certo mecanismo de ação herbicida; e da probabilidade de infestação da área com plantas resistentes, a partir daquele mutante selecionado. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência de fatores genéticos na probabilidade de seleção de um mutante resistente a determinado mecanismo de ação herbicida e assim prever o risco de serem encontrados biótipos de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. Os fatores que determinam a probabilidade de selecionar um mutante resistente aos herbicidas podem ser agrupados em três categorias: os relacionados à genética da resistência; os relacionados ao número de plantas daninhas sob seleção; e os relacionados ao herbicida. Os fatores relacionados à genética da resistência são dependentes da freqüência inicial do alelo de resistência, da dominância e do tipo de polinização da espécie. Os fatores relacionados ao número de indivíduos são a área tratada com o herbicida e o grau de infestação da área. Os fatores relacionados aos herbicidas são o seu mecanismo de ação e a sua freqüência de uso na área. As previsões matemáticas indicam alto risco de ocorrência de resistência em áreas com alta infestação de plantas daninhas e que são aspergidas com herbicidas cujos mecanismos de ação apresentam histórico de alta freqüência inicial do alelo de resistência nas populações de plantas daninhas.The prediction of occurrence of weed resistance to herbicides is limited by the scarcity of informat ion on weed genetics. The risk of finding a resistant weed

  17. Incremento de las infecciones por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en un hospital pediátrico de Cuba.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alexis Monzote López

    2016-01-01

    Full Text Available Objetivo: Definir la tasa de resistencia a la meticilina entre los aislamientos de Staphylococcus aureus investigados y describir la susceptibilidad a los antimicrobianos no betalactámicos. Método: Se realizó un estudio observacional prospectivo durante el período 2010-2012 en el Hospital Pediátrico “Juan Manuel Márquez” de La Habana, que incluyó 333 aislamientos de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SARM, recuperados a partir de diferentes muestras clínicas de pacientes hospitalizados. Para la confirmación de SARM se emplearon los métodos de difusión con discos de cefoxitina y el de microdilución en caldo para la oxacilina. La susceptibilidad a 14 antimicrobianos no betalactámicos se realizó por el método de microdilución en caldo y el de difusión en disco (Bauer-Kirby. Resultados: Se demostró una alta tasa de resistencia a la meticilina (52,4% - 59,3%. Se puso de manifiesto la emergencia de infecciones de la piel y tejidos blandos (62,5% por SARM. Se corroboró una alta resistencia a la eritromicina (82% y la ciprofloxacina (73,5%. La sensibilidad frente al cotrimoxazol, la clindamicina y la vancomicina los ratificaron como antimicrobianos de primera línea para el tratamiento. Conclusiones: Se evidencia una tendencia al incremento de las infecciones por SARM y se señala como un problema clínico epidemiológico emergente para los diferentes servicios del hospital, que demanda la implementación de un sistema para su activa vigilancia y control.

  18. Eficácia do sulfato de aminosidine na leishmaniose visceral grave, resistente ao tratamento com antimonial pentavalente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cleudson Castro

    1995-09-01

    Full Text Available Descreve-se um caso de calazar grave resistente a dez cursos de antimonial petitavalente (glucantime à base de 20mg de Sb5/kg/dia, que respondeu favoravelmente ao sulfato de aminosidine intramuscular na dose de 20mg/kg/dia por 20 dias, repetido após 20 dias. O parasitismo esplénico passou de 50 parasitos por campo a 3 parasitos em 10 campos logo após a primeira série de sulfato de aminosidine, tornando-se negativo depois de sete meses. A melhora clínica foi imediata, com redução gradual da hepatoesplenomegalia, e desaparecimento 26 meses após. Neste período aumentou 13 kg. Após o uso de aminosidine a reação de Monténégro tornou-se positiva e as células mononucleares responderam quando estimuladas com antígenos de leishmânia.A grave kala-azar infection in a 14 years old boy is described. The leishmanial infection failed to respond to ten interrupted courses of glucantime of variable duration (14-56 days at a dose of 20mg Sb5/kg/day. However a favorable response ocurred to intramuscular aminosidine sulphate (20mg/kg/day for 20 days. This same regimen was repeated 20 days later. After the first treatment splenic puncture parasite density fell from 50 amastigotes per oil immersion field to 3 amastigotes in 10 fields. A further splenic puncture 7 months after treatment was negative. The marked hepatoesplenomegaly gradually resolved over 26 months follow up and he gained 13 kilogramas in weight. After aminosidine sulphate therapy his Montenegro reaction become positive and his lymphocytes responded to leishmania antigens.

  19. Heterose e capacidade combinatória de linhagens de pimentão resistentes ao mosaico amarelo causado por PepYMV (Pepper yellow mosaic virus)

    OpenAIRE

    Nascimento,Ildon Rodrigues do

    2014-01-01

    O objetivo do trabalho foi estimar em linhagens resistentes ao mosaico amarelo, a capacidade geral e específica de combinação em híbridos e a natureza e importância dos parâmetros genéticos envolvidos no controle dos principais caracteres do pimentão. Foram avaliados 66 tratamentos, dos quais cinco foram testemunhas comerciais (Fortuna Super, Konan, Laser, Magali R e Natalie); 53 tratamentos do dialelo [40 híbridos do cruzamento de dois grupos de linhagens (grupo 1: PIX-031D-165-04-01; PIX-03...

  20. Avaliação do impacto ambiental da soja transgênica resistente ao glifosato sobre alguns grupos funcionais de microorganismos do solo

    OpenAIRE

    Ivana Abonízio Santinoni

    2008-01-01

    Quando um ecossistema sofre algum tipo de interferência, reações químicas e bioquímicas do solo podem ser alteradas. Proteínas de plantas transgênicas podem ser liberadas e influenciar seletivamente a comunidade microbiana na rizosfera. O objetivo desse trabalho foi avaliar em casa de vegetação, a influência da soja transgênica resistente ao glifosato, sobre grupos funcionais de microrganismos e algumas características bioquímicas do solo, em comparação com sua variedade parental não transgên...

  1. Enfermedad invasora por Staphylococcus aureus meticilino resistente adquirida en la comunidad Community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus disseminated disease

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Clarisa Brezzo

    2006-10-01

    Full Text Available Se presenta un caso de enfermedad invasora por Staphylococcus aureus meticilino resistente (SAMR adquirido en la comunidad (SAMR-c. Paciente varón de 21 años, previamente sano, que consultó por nódulos subcutáneos compatibles con gomas. La ultrasonografía reveló múltiples abscesos subcutáneos e imágenes consistentes con piomiositis, además de derrame pleural y pericárdico. En el cultivo del material purulento obtenido por punción-aspiración con aguja fina de las lesiones se aisló S. aureus. El antibiograma por difusión mostró resistencia a cefalotina, eritromicina y clindamicina, y sensibilidad a trimetroprima-sulfametoxazol, ciprofloxacina y rifampicina. La meticilino resistencia se confirmó por aglutinación con partículas de látex sensibilizadas con anticuerpos monoclonales dirigidos contra la proteína ligadora de penicilina 2A. El paciente fue tratado con ciprofloxacina y rifampicina durante cuatro semanas, con evolución favorable. La frecuencia de infecciones por SAMR-c está en aumento, observándose en personas sin factores de riesgo aparentes. Esto llevaría a fracaso en el tratamiento empírico para infecciones de la comunidad en los que se presume etiología estafilocócica.A 21 year old man, previously healthy, presented with subcutaneous nodes consistent with gummas. Ultrasonography disclosed multiple subcutaneous abscesses and images suitable with piomiositis, pleural and pericardium effusion. A puncture-aspirate with fine-needle was performed and produced purulent material, with isolate of Staphylococcus aureus. Antimicrobial susceptibility testing by disk diffusion showed resistant to cefalotin, erythromycin and clindamycin, and susceptibility to trimethoprim-sulfamethoxazole, ciprofloxacin and rifampicin. Methicilin-resistance was confirmed by Staphyslide agglutination testing (Biomérieux. The patient was treated with ciprofloxacin and rifampicin during four weeks, with a good clinical response. The

  2. Avaliação da tolerância à vancomicina em 395 cepas hospitalares de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina

    OpenAIRE

    Oliveira,Geraldo A.; Okada,Sabrina S.; Guenta,Regiane S.; Mamizuka, Elsa M.

    2001-01-01

    O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de tolerância à vancomicina em cepas de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (Orsa) isoladas de quatro hospitais da cidade de São Paulo. Foram estudadas 395 cepas Orsa isoladas de pacientes hospitalizados entre outubro de 1998 e maio de 2000. A determinação da concentração inibitória mínima (CIM) e da concentração bactericida mínima (CBM) para vancomicina foi realizada conforme padronizado pelo National Committee for Clinical Laboratory ...

  3. Manejo da Planta Daninha Brachiaria plantaginea Resistente aos herbicidas Inibidores da ACCase Management of the Weed Brachiaria plantaginea Resistant to ACCase Inhibitor Herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi estudar o manejo de uma população da planta daninha capim-marmelada (Brachiaria plantaginea resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (ariloxifenoxipropionatos e ciclohexanodionas, utilizados na cultura da soja no sistema de plantio direto. Para isso, foram realizados dois experimentos: um utilizando herbicidas de manejo, com mecanismos de ação alternativos, comparando a eficácia destes com os inibidores da ACCase; e outro apenas com herbicidas inibidores da ACCase e aditivos misturados à calda. As sementes resistentes foram produzidas a partir de plantas comprovadamente resistentes; para comparação de resultados, foi utilizada uma população de capim-marmelada que nunca tinha sido pulverizada com inibidores da ACCase, portanto uma população suscetível. O experimento com os herbicidas de manejo foi realizado em condições de campo, porém as plantas ficaram em caixas com capacidade de 50 L, evitando-se a disseminação destas para áreas adjacentes. Concluiu-se que as plantas resistentes não apresentam resistência múltipla com herbicidas de manejo com mecanismos de ação alternativos, podendo os herbicidas glyphosate, paraquat, sulfosate, paraquat + diuron, MSMA e glufosinate ser utilizados no período entressafra das áreas com sistema de plantio direto, para manejo de populações resistentes de capim-marmelada aos herbicidas inibidores da ACCase. O experimento com aditivos foi realizado em casa de vegetação, com plantas em vasos individuais, utilizando sementes das populações suscetíveis e resistentes. Os herbicidas utilizados foram inibidores da ACCase, em cuja calda foram adicionados aditivos nitrogenados, do tipo uréia e sulfato de amônio, além de um tratamento sem aditivos. Concluiu-se que os aditivos não alteraram a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase nas plantas provenientes tanto da população suscetível quanto da resistente.The objective of this research was to

  4. Impacto do cultivo da soja resistente ao glyphosate sobre artrópodes e componentes de produção da cultura

    OpenAIRE

    Pereira,Jardel Lopes

    2009-01-01

    A área mundial cultivada com plantas transgênicas atingiu, em 2008, 125 milhões de hectares, sendo que a soja resistente ao glyphosate ocupou 53% desta área. A rápida aceitação desta tecnologia deveu-se a sua alta eficiência, baixo custo e facilidade de adoção. Todavia, o uso abusivo de um herbicida de largo espectro de ação causa impactos diretos e indiretos. O impacto direto é provocado pelo cultivo da soja transgênica com a inserção do gene de resistência ao glyphosate (CP4 EPSPS) da estir...

  5. Mn foliar sobre a qualidade sanitária e lignina de sementes de soja convencional e resistente ao glifosato1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Everson Reis Carvalho

    Full Text Available O Mn pode estar associado à resistência das plantas aos fungos, por meio da lignificação ou inibição direta. Objetivou-se neste trabalho avaliar a aplicação foliar de Mn sobre a incidência de fungos, teores de Mn e de lignina nas sementes de soja oriundas de cultivares convencionais e de suas derivadas transgênicas resistentes ao glifosato (RR. O ensaio foi conduzido na Universidade Federal de Lavras, em blocos casualizados, com três repetições e esquema fatorial 4 x 4 x 2, sendo quatro cultivares de soja, duas convencionais e suas derivadas RR (BRS Celeste e BRS Baliza RR; BRSGO Jataí e BRS Silvânia RR, quatro doses de Mn via foliar (0; 200; 400 e 600 g Mn ha-1 e dois estádios de aplicação (R1 ou R3. Antes e após seis meses de armazenamento, as sementes foram submetidas ao teste de sanidade (Blotter test. Foram determinados os teores de Mn nas sementes e de lignina no tegumento. Verificou-se que a aplicação foliar de Mn proporciona menores incidências de Cercospora kikuchii, Fusarium spp. e Aspergillus spp. nas sementes de soja produzidas. O Mn aplicado via foliar na soja, tanto no estádio R1 como em R3, transloca até as sementes, mas não afeta a produção de lignina no tegumento das mesmas. Os teores de lignina no tegumento das sementes de soja são inferiores nas cultivares convencionais, Celeste e Jataí, em relação às suas derivadas transgênicas resistentes ao glifosato, Baliza RR e Silvânia RR.

  6. Riesgo de aparición de cepas Staphylococcus aureus resistente a vancomicina en pacientes hospitalarios de un hospital del Perú, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Giancarlo Alvarado-Gamarra

    2012-02-01

    Full Text Available Objetivo: Evaluar el riesgo de aparición de cepas de Staphylococcus aureus resistente a vancomicina (VRSA a partir de la interacción de cepas de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA y cepas de Enterococcus resistente a vancomicina (VRE. Diseño: Análisis bivariado de datos de un estudio descriptivo, transversal y retrospectivo. Lugar: Hospital Nacional Hipólito Unanue de Lima-Perú. Participantes: pacientes hospitalizados durante el año 2008. Intervenciones: Formato de registro del laboratorio del hospital. Principales medidas de resultados: Frecuencias relativas y absolutas para variables cualitativos, y medianas para variables cuantitativos, grado de asociación evaluado con odds ratio (OR con un intervalo de confianza al 95%. Resultados: Se encontró un 82,8% de cepas MRSA, mientras que en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI se encontró un 92,1% de ellas. No se que halló cepas VRSA. El aislamiento de cepas MRSA se asoció con la procedencia de la UTI (OR=3,38, con la procedencia de Neonatología (OR=0,19, con ser paciente adulto (OR=2,87 y con la muestra de tipo sanguinea (OR=0,35. El tiempo de permanencia de los pacientes con aislamientos de cepas MRSA fue mayor que en los pacientes con cepas sensibles (p<0,007. Conclusiones: No existe riesgo de aparición de cepas VRSA a partir de la interacción de cepas MRSA y VRE en los pacientes hospitalarios de este nosocomio.

  7. Riesgo de aparición de cepas Staphylococcus aureus resistente a vancomicina en pacientes hospitalarios de un hospital del Perú, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Giancarlo Alvarado-Gamarra

    2010-01-01

    Full Text Available Objetivo, Evaluar el riesgo de aparición de cepas de Staphylococcus aureus resistente a vancomicina (VRSA a partir de la interacción de cepas de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (MRSA y cepas de Enterococcus resistente a vancomicina (VRE. Diseño, Análisis bivariado de datos de un estudio descriptivo, transversal y retrospectivo. Lugar, Hospital Nacional Hipólito Unanue de Lima-Perú. Participantes, pacientes hospitalizados durante el año 2008. Intervenciones, Formato de registro del laboratorio del hospital. Principales medidas de resultados: Frecuencias relativas y absolutas para variables cualitativos, y medianas para variables cuantitativos, grado de asociación evaluado con odds ratio (OR con un intervalo de confianza al 95%. Resultados, Se encontró un 82,8% de cepas MRSA, mientras que en la Unidad de Terapia Intensiva (UTI se encontró un 92,1% de ellas. No se que halló cepas VRSA. El aislamiento de cepas MRSA se asoció con la procedencia de la UTI (OR=3,38, con la procedencia de Neonatología (OR=0,19, con ser paciente adulto (OR=2,87 y con la muestra de tipo sanguinea (OR=0,35. El tiempo de permanencia de los pacientes con aislamientos de cepas MRSA fue mayor que en los pacientes con cepas sensibles (p<0,007. Conclusiones, No existe riesgo de aparición de cepas VRSA a partir de la interacción de cepas MRSA y VRE en los pacientes hospitalarios de este nosocomio.

  8. Primer aislamiento en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Errecalde

    Full Text Available Describimos el primer caso en Argentina de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad con sensibilidad intermedia a la vancomicina y no sensibilidad a la daptomicina. Caso clínico: Paciente masculino, con antecedente de insuficiencia renal crónica en hemodiálisis y osteosíntesis de cadera debido a una fractura. Se internó por síndrome febril persistente luego del desplazamiento de la prótesis por un traumatismo. Se aisló de hemocultivos S. aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad. Durante el tratamiento con vancomicina y daptomicina, se observó un aumento gradual de la CIM de vancomicina de 1 µg/ml (VSSA a 2 µg/ml (h-VISA y a 4 µg/ml (VISA, y la emergencia de no sensibilidad a daptomicina (CIM = 4 µg/ml. Al suspender la vancomicina y la daptomicina, la cepa revirtió al fenotipo de sensibilidad a ambas drogas. Es mandatorio evaluar por CIM la sensibilidad a vancomicina y a daptomicina intratratamiento cuando estas drogas se usan como terapia.

  9. Situación de Staphylococcus aureus resistente a meticilina en el Hospital de Navarra (2000-2002 State of methicillin resistant Staphylococcus aureus in the Hospital of Navarre (2000-2002

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Navascués

    2004-04-01

    Full Text Available Fundamento. El objetivo del presente trabajo ha sido conocer la prevalencia y características que presentan los aislamientos de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina aislados en nuestro Servicio de Microbiología. Material y métodos. El estudio se desarrolló de forma retrospectiva abarcando los años 2000, 2001 y 2002. Se analizó el origen de la infección (nosocomial o extrahospitalaria, servicio de origen en caso de ser nosocomial, localización anatómica de la muestra y patrón de sensibilidad antibiótica. Resultados. Los aislamientos de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina constituyeron el 7,88% de los Staphylococcus aureus aislados en nuestro servicio. Menos de la mitad de las cepas (44,87% tuvieron un origen nosocomial y se aislaron con mayor frecuencia en los exudados de heridas. En cuanto al patrón de resistencia, hubo un 50% de resistencia a eritromicina, un 43,60% a clindamicina y un 21,79% a mupirocina. Conclusiones. La prevalencia y el patrón de resistencia in vitro de los aislamientos de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina obtenidos en nuestro hospital es menor a la publicada en otras áreas de España.Background. The aim of the present paper was to determine the prevalence and characteristics shown by isolations of Methicillin Resistant Staphylococcus Aureus, isolated in our Microbiology Service. Methods. Retrospective study, covering the years 2000, 2001 and 2002. Analysis was made of the origin of the infection (nosocomial or non-nosocomial, the unit of origin in the event of nosocomial origin, anatomical localisation of the sample, and pattern of antibiotic sensitivity. Results. The isolations of Methicillin Resistant Staphylococcus aureus accounted for 7.88% of the Staphylococcus aureus isolated. Less than half of the strains (44.87% had a nosocomial origin and were most often isolated in the exudates of wounds. With respect to the pattern of resistance, there was some 50% of resistance to

  10. Estudio de actinomicetos marinos aislados de la costa central del Perú y su actividad antibacteriana frente a Staphylococcus aureus Meticilina Resistentes y Enterococcus faecalis Vancomicina Resistentes Study of marine actinomycetes isolated from the central coast of Peru and their antibacterial activity against Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus and Vancomycin-Resistant Enterococcus faecalis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jorge León

    2011-06-01

    Full Text Available Objetivos. Determinar el potencial antimicrobiano de actinomicetos marinos frente a cepas S. aureus meticilino-resistentes (MRSA y E. faecalis vancomicina-resistentes (VRE. Materiales y métodos. En dos medios de cultivo se sembraron 29 cepas de actinomicetos aislados de sedimento marino. Se evaluó la capacidad inhibitoria mediante pruebas de antagonismo in vitro para MRSA y VRE. Se procesó los extractos orgánicos de tres actinomicetos seleccionados para determinar la Concentración Mínima Inhibitoria (CMI del compuesto activo. Resultados. La mayoría de los actinomicetos aislados correspondieron a un grupo homogéneo de blanco-grisáceos (62% con buen nivel de crecimiento en agar marino. Los porcentajes inhibitorios fueron superiores a 85% para ambos patógenos con halos de inhibición mayores a 69 y 78 mm de diámetro para MRSA y VRE respectivamente. Los extractos diclorometánicos de tres de los actinomicetos aislados (I-400A, B1-T61, M10-77 mostraron gran potencial inhibitorio de ambos patógenos, siendo M10-77 la cepa de actinomiceto de mayor actividad antibiótica frente a S. aureus ATCC 43300 resistente a meticilina y E. faecalis ATCC 51299 resistente a vancomicina con una Concentración Mínima Inhibitoria (CMI de 7,9 y 31,7 μg/ mL respectivamente. El análisis filogenético de la cepa M10- 77 presenta un 99% de similaridad con la especie marina Streptomyces erythrogriseus. Conclusiones. El sedimento marino de la costa central del Perú es fuente promisorio de cepas de actinomicetos con gran capacidad de producir compuestos bioactivos capaces de inhibir patógenos tipificados como multidrogo-resistentes tales como S. aureus meticilino resistentes y E. faecalis vancomicina resistentes.Objectives. To determine the antimicrobial potential of marine actinomycetes against drug-resistant pathogens represented by strains of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA and vancomycin-resistant Enterococcus faecalis (VRE. Materials and

  11. Anatomia foliar de Lolium multiflorum sensível e resistente ao glyphosate Leaf anatomy of Lolium multiflorum sensitive and resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. Galvani

    2012-06-01

    Full Text Available Este trabalho foi desenvolvido com o intuito de contribuir para o conhecimento anatômico da espécie Lolium multiflorum e, a partir disso, observar possíveis alterações que possam elucidar o mecanismo que confere resistência ao herbicida glyphosate. Para isso, realizou-se um experimento com quatro biótipos dessa espécie com distinta sensibilidade ao herbicida glyphosate, sendo um sensível (B1S e três resistentes (B2R, B3R e B4R. As análises ocorreram a partir de secções transversais e longitudinais dos órgãos vegetativos de plantas no estádio de afilhamento. Anatomicamente, o azevém caracteriza-se por apresentar grande quantidade de estômatos e de células buliformes, bem como mesofilo homogêneo constituído apenas de células paliçádicas compactamente distribuídas. Comparativamente, não ocorrem diferenças morfológicas evidentes que possam ser usadas para diferir biótipos sensíveis de resistentes, no entanto, nota-se que biótipos resistentes, especialmente B3R e B4R, apresentaram maior densidade estomática em relação aos demais. Ainda, os biótipos resistentes apresentaram maior quantidade de espaços intercelulares no mesofilo e feixes vasculares com menor quantidade de floema em relação ao xilema, o que, por suas funções na planta, pode colaborar para a menor sensibilidade ao herbicida.This work aimed to contribute to the anatomical knowledge of the species Lolium multiflorum and to observe possible changes that may elucidate the mechanism that confers its resistance to the herbicide glyphosate. Thus, an experiment was conducted using four biotypes of this species with distinct sensitivities to the herbicide glyphosate: one susceptible (B1S and three resistant biotypes (B2R, B3R and B4R. Analyses were conducted on the transverse and longitudinal sections of the vegetative organs of the plants at the tillering stage. Anatomically, ryegrass is characterized as having a large number of stomata and buliform cells

  12. Competitividade de biótipos de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac Competitiveness of echinochloa biotypes resistant and susceptible to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a competitividade de dois biótipos de capim-arroz, resistente e suscetível ao quinclorac, coletados em regiões orizícolas do Estado de Santa Catarina. O experimento foi instalado em ambiente protegido, e os tratamentos constaram de diferentes densidades de plantas dos biótipos de capim-arroz comprovadamente resistente (ITJ-13 e suscetível (ITJ-17 ao quinclorac, oriundos da região arrozeira de Itajaí/SC. No centro da unidade experimental, foram semeadas três sementes do biótipo de capim-arroz, considerado como o tratamento da unidade experimental. Na periferia foram semeadas dez sementes do biótipo oposto ao do tratamento (central. Dez dias após a germinação foi efetuado o desbaste, deixando-se apenas uma planta no centro da unidade experimental e um número variável de plantas do biótipo oposto, de acordo com o tratamento (0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas por vaso. O delineamento experimental utilizado foi o completamente casualizado, em esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições. Aos 40 dias após a emergência, foram avaliados altura de plantas, número de afilhos e de folhas, área foliar, massa fresca e seca e conteúdo de água de colmos e folhas. Os dados foram analisados pelo teste F, sendo efetuado teste de Duncan para comparar o efeito de densidade de plantas e teste da Diferença Mínima Significativa (DMS para avaliar diferenças entre os biótipos resistente e suscetível, além de correlação linear simples entre as variáveis avaliadas. Nas análises, utilizou-se o nível de 5% de probabilidade. Os biótipos estudados de capim-arroz resistente e suscetível ao quinclorac são similares quando sob alta intensidade de competição, com vantagem em algumas variáveis para o biótipo suscetível sob baixa ou moderada intensidade competitiva.The objective of this research was to evaluate the competitive potential of two Echinochloa sp. biotypes, resistant and susceptible to

  13. Seleção de linhagens de melancia resistentes ao Watermelon mosaic virus e ao Papaya ringspot virus Selection of resistant watermelon lines to Watermelon mosaic virus and Papaya ringspot virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Evando Aguiar Beserra Júnior

    2007-10-01

    Full Text Available Foram avaliadas 20 linhagens de melancia, provenientes do cruzamento da cultivar comercial suscetível Crimson Sweet e da introdução PI 595201 resistente ao Watermelon mosaic virus (WMV e Papaya ringspot virus (PRSV-W. As linhagens, e os parentais foram inoculados com o WMV ou com o PRSV-W em casa-de-vegetação distintas. Aos 35 e 49 dias após a primeira inoculação (DAI, as plantas foram avaliadas por meio de uma escala de notas, em que 1 (ausência de sintomas a 5 (intenso mosaico e deformações foliares. Pelos resultados infere-se que, aos 35 DAI, as linhagens 1, 2 e 20 apresentaram resistência tanto para o WMV como para o PRSV-W, com médias de 1,95, 1,80 e 2,25 para o WMV, e de 2,50, 2,30 e 2,50 para o PRSV-W, respectivamente. As linhagens 5, 7 e 13 foram resistentes somente ao WMV e as plantas das linhagens 3, 10 e 18 para o PRSV-W. A reação das linhagens permaneceu em geral pouco alterada aos 49 DAI. A existência de linhagens resistentes somente ao WMV e somente ao PRSV-W, ao lado de linhagens resistentes a ambos os vírus, é indicativo de que as resistências ao WMV e ao PRSV-W não são controladas pelos mesmos genes.Twenty advanced watermelon breeding lines, derived from the cross between cv. Crimson Sweet (susceptible and PI 595201 (resistant to WMV and PRSV-W, were screened for resistance to both potyviruses. The twenty lines, among with Crimson Sweet and PI 595201, were inoculated with either WMV or PRSV-W, in two different greenhouse trials. Plants were evaluated for symptoms 35 and 49 days after the first inoculation (DAI, using a scale from 1 (no symptoms to 5 (severe mosaic and foliar distortion. Evaluations at 35 DAI indicated that lines 1, 2 and 20 had good levels of resistance to both WMV and PRSV-W, with ratings of 1,95, 1,80 and 2,25 for WMV, and of 2,50, 2,30 and 2,50 for PRSV-W, respectively. Lines 5, 7 and 13 were resistant to WMV only, whereas lines 3, 10 and 18 were resistant to PRSV-W only. The reaction of

  14. Similaridade genética entre acessos de Bidens pilosa resistentes aos herbicidas inibidores da ALS Genetic similarity among Bidens pilosa accesses resistant to ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2005-09-01

    Full Text Available Herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS têm sido amplamente utilizados no controle da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa. A pressão de seleção causada pelo uso intensivo desses herbicidas tem selecionado biótipos de picão-preto resistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o grau de similaridade genética entre acessos de picão-preto resistentes aos herbicidas inibidores da ALS, bem como a relação entre coeficiente de similaridade genética e distância geográfica desses acessos. Para isso, sementes de dois grupos de acessos de picão-preto, originárias de uma propriedade em Pato Branco, Paraná, resistentes aos herbicidas inibidores da ALS foram colhidas, e plântulas foram cultivadas em casa de vegetação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, Porto Alegre-RS, em outubro de 2004. Por meio do marcador molecular RAPD (polimorfismo de DNA amplificado ao acaso foi possível avaliar a similaridade genética entre os acessos de picão-preto. Na análise conjunta dos acessos, dos 20 primers utilizados, 17 apresentaram-se polimórficos, amplificando um total de 94 bandas. Houve baixa similaridade genética (38% entre acessos de picão-preto resistentes aos herbicidas inibidores da ALS originários de uma mesma propriedade. Não foi observada relação entre distância genética e distância geográfica entre os acessos avaliados.Acetolactate synthase (ALS-inhibiting herbicides have been widely used to control the weed hairy beggarticks (Bidens pilosa. The selection pressure caused by intensive herbicide use has selected hairy beggarticks resistant biotypes. The objectives of this work were to evaluate the degree of genetic similarity among hairy beggarticks accesses (Bidens pilosa resistant to ALS-inhibiting herbicides, and to evaluate the relation between genetic similarity and geographic distance. Seeds of two groups of hairy beggarticks accesses resistant to ALS-inhibitors were sampled from a

  15. Presentación atípica de piomiositis tropical difusa de psoas por Staphylococcus aureus meticilino resistente Atypical presentation of diffuse tropical pyomiositis of the psoas due to methicillin resistant Staphylococcus aureus

    OpenAIRE

    2012-01-01

    La piomiositis tropical difusa primaria es una enfermedad de presentación infrecuente en nuestro medio, con pocos casos asociados a Staphylococcus aureus meticilino resistente, adquirido en la comunidad (MRSA-AC). Se presenta el caso de un paciente de 70 años, con tratamiento irregular para diabetes mellitus tipo 2, que fue hospitalizado por presentar un cuadro de diez días de evolución, con dolor lumbar irradiado a miembro inferior izquierdo, fiebre y flexión forzada de la cadera derecha por...

  16. Diseño de dos metodologías moleculares para la rápida identificación de aislamientos de Staphylococcus aureus resistente a meticilina asociados a la comunidad en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Javier Antonio Escobar

    2012-06-01

    Full Text Available Introducción. Los aislamientos de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina asociado a la comunidad (SARM-AC, están aumentando la frecuencia de infecciones en personas sanas de la comunidad y en pacientes hospitalizados. En Colombia y en la región andina estos aislamientos tienen un componente genético relacionado con el clon pandémico USA300. Objetivo. Diseñar y estandarizar dos metodologías para la diferenciación rápida de aislamientos colombianos de S. aureus resistente a la meticilina asociado a la comunidad de los asociados al hospital (SARM-AH. Materiales y métodos. Se estandarizaron dos metodologías moleculares para la identificación de aislamientos de S. aureus resistente a la meticilina asociado a la comunidad. La primera se basa en la digestión diferencial con tres enzimas de restricción de los genes cinasa de carbamato (arcC y cinasa de guanilato (gmk para los tipos de secuencia 5 (ST5 y 8 (ST8, correspondientes a aislamientos de S. aureus resistente a la meticilina asociado al hospital y asociado a la comunidad, respectivamente. La segunda se basa en la amplificación por reacción en cadena de la polimerasa de cinco factores de virulencia que se encuentran de manera diferencial en estos aislamientos. Las dos metodologías fueron validadas en 237 aislamientos clínicos de S. aureus resistente a la meticilina. Resultados. Con la primera metodología se identificaron el 100 % y 93,2 % de los aislamientos de S. aureus resistente a la meticilina asociado a la comunidad y asociado al hospital, respectivamente. Con la segunda metodología se identificaron correctamente los dos tipos de aislamientos. Conclusiones. Estas dos metodologías son una buena alternativa en términos de ahorro en tiempo y dinero comparadas con otras técnicas, como la electroforesis en campo pulsado y la tipificación de secuencias multilocus para la rápida identificación de aislamientos de S. aureus resistente a la meticilina asociado a la

  17. Prazosina de liberação lenta para pacientes com transtorno do estresse pós-traumático resistentes aos ISRS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Felipe Pagotto

    2012-01-01

    Full Text Available CONTEXTO: Prazosina, um antagonista de receptores alfa-1 adrenérgicos, é utilizada no tratamento de pesadelos e insônia relacionados com TEPT. Apesar das evidências sugerindo sua eficácia também no tratamento de sintomas gerais de TEPT, sua curta meia-vida (2-3 horas pode limitar seus efeitos terapêuticos. OBJETIVO: Descrever quatro casos de pacientes com TEPT resistentes aos inibidores de recaptação de serotonina ou de serotonina e adrenalina (terapia convencional tratados com uma apresentação de prazosina de liberação lenta. MÉTODOS: Quatro pacientes com TEPT grave, resistentes à terapia convencional, tiveram a prazosina de liberação lenta (meia-vida de 10,8 horas adicionada as suas prescrições por pelo menos três meses. Os sintomas de TEPT foram avaliados pela PCL-C e pelos itens referentes a pesadelos e insônia da CAPS, na linha de base e no final do período de observação de cada paciente. RESULTADOS: Dois pacientes mostraram melhora dos sintomas gerais de TEPT (redução de 35,7% e 11,9% nos escores da PCL-C, e três mostraram melhora de pesadelos e insônia (nos escores da CAPS. O único paciente que recebeu doses da prazosina pela manhã e ao deitar-se foi o que mostrou a maior melhora dos sintomas gerais de TEPT. CONCLUSÃO: Possivelmente, a sustentação do bloqueio da atividade noradrenérgica no sistema nervoso central promovida pela prazosina de liberação lenta durante o dia se faz necessária para a melhora de sintomas residuais de TEPT em pacientes em tratamento convencional com antidepressivos.

  18. Presentación atípica de piomiositis tropical difusa de psoas por Staphylococcus aureus meticilino resistente Atypical presentation of diffuse tropical pyomiositis of the psoas due to methicillin resistant Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ray Ticse

    2012-03-01

    Full Text Available La piomiositis tropical difusa primaria es una enfermedad de presentación infrecuente en nuestro medio, con pocos casos asociados a Staphylococcus aureus meticilino resistente, adquirido en la comunidad (MRSA-AC. Se presenta el caso de un paciente de 70 años, con tratamiento irregular para diabetes mellitus tipo 2, que fue hospitalizado por presentar un cuadro de diez días de evolución, con dolor lumbar irradiado a miembro inferior izquierdo, fiebre y flexión forzada de la cadera derecha por dolor a la movilización. El diagnóstico de piomiositis difusa de ambos psoas se realizó con resonancia magnética. Del cultivo de una colección paravertebral posterior se aisló Staphylococcus aureus resistente a oxacilina, penicilina y dicloxacilina.Diffuse tropical primary pyomyositis is an infrequent entity in our country, with few cases associated to communityacquired Methicillin- resistant Staphylococcus aureus. There are no reported cases of Community-Acquired Methicillin- Resistant Staphylococcus aureus (CA- MRSA in Peru. We present the case of a 70 year old male with a previous diagnosis of type 2 diabetes mellitus, receiving irregular treatment, who was admitted to the hospital with a history of 10 days of low back pain radiating to the left leg, fever and forced flexion of the right hip due to pain during movement. The diagnosis of diffuse pyomyositis of both psoas muscles was performed with MRI and culture of a posterior paravertebral collection, from which Staphylococcus aureus resistant to oxacillin, penicillin and dicloxacillin was isolated.

  19. Manejo de capim pé-de-galinha em lavouras de soja transgênica resistente ao glifosato Management of goose grass on transgenic soybean, resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    André da Rosa Ulguim

    2013-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de capim pé-de-galinha (Eleusine indica ao glifosato, em lavouras de soja transgênica; avaliar o efeito de aplicações de glifosato em diferentes estádios de desenvolvimento; identificar práticas agronômicas associadas à seleção de biótipos resistentes; e avaliar a eficiência dos herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico, clomazona, glufosinato de amônio e glifosato nas plantas resistentes. Plantas escapes ao tratamento com glifosato foram coletadas em 24 propriedades, no Rio Grande do Sul. As plantas foram cultivadas em casa de vegetação, tendo-se avaliado a sua resistência ao glifosato. Os acessos resistentes foram selecionados e avaliados quanto ao efeito da aplicação do glifosato em diferentes estádios de crescimento e quanto à sensibilidade aos herbicidas. Foi aplicado um questionário aos produtores para identificação das práticas agronômicas associadas às falhas no controle. O controle de E. indica pelo glifosato é mais efetivo com a aplicação em estádios iniciais de desenvolvimento. Práticas agronômicas, como uso contínuo de baixas doses do herbicida, aplicação em estádios de desenvolvimento avançados das plantas daninhas (mais de um afilho e a ausência de rotação de culturas foram relacionadas às falhas de controle observadas. Os herbicidas cletodim, fluazifope-P-butílico e glufosinato de amônio são alternativas eficientes para o controle de E. indica.The objective of this work was to evaluate the resistance of goose grass (Eleusine indica to glyphosate application in transgenic soybean crops; evaluate the effect of glyphosate applications in different growth stages; identify the main agronomic practices associated with the selection of resistant biotypes; and evaluate the effect of the herbicides clethodim, fluazifop-p-butyl, clomazone, glufosinate ammonium, and glyphosate on resistant plants. Plants that survived glyphosate application

  20. Staphylococcus aureus ampicillin-resistant from the odontological clinic environment Staphylococcus aureus resistente à ampicilina em ambiente de Clínica Odontológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Wagner Luis de Carvalho Bernardo

    2005-02-01

    Full Text Available The aim of this research was to evaluate the prevalence of Sthaphylococcus spp. and S. aureus in the odontological clinic environment (air, their production of beta-lactamase and antibacterial susceptibility to the major antibiotics utilized in medical particle. During 12 months of samples collect were isolated 9775 CFU by MSA medium suggesting a high amount of Staphylococcus spp. in the clinic environment which can appear through aerosols. A total of 3149 colonies (32.2% were suggestive of pathogenic staphylococci. Gram coloration, catalase test, colony-mallow growing on chromogenic medium, and coagulase test confirmed the identity of 44 (0.45% S. aureus isolates. Of these, 35 isolates (79.5% showed production of beta-lactamase by CefinaseTM discs and resistance to ampicillin, erythromycin (7 isolates and tetracycline (1 isolate suggesting the existence of multiresistant isolates. The evaluation of the oxacillin MIC by Etest® assays showed susceptibility patterns suggesting the inexistence of the mecA gene in chromosomal DNA. These results point out to the need of a larger knowledge on the contamination means and propagation of this microorganism into the odontological clinic.Foi avaliada a prevalência de Staphylococcus spp. e S. aureus no ambiente clínico odontológico, a produção de beta-lactamase e a susceptibilidade antibacteriana aos principais antibióticos utilizados na prática clínica. Durante 12 meses de coleta de amostras foram isolados 9775 UFC no meio de cultura AMS, demonstrando uma elevada quantidade de Staphylococcus spp. no ambiente clínico, provavelmente em decorrência da propagação de aerossóis. Um total de 3149 colônias (32,2% foi sugestivo de estafilococos patogênicos. Coloração de Gram, teste de catalase, crescimento de colônias-malva sobre meio cromogênico e teste de coagulase confirmaram a identidade de 44 (0,45% isolados de S. aureus. Destes, 35 isolados (79,5% mostraram produção de beta

  1. Buva (Conyza bonariensis resistente ao glyphosate na região sul do Brasil Conyza bonariensis biotypes resistant to the glyphosate in southern Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2007-09-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida não-seletivo utilizado para controlar plantas daninhas há mais de 20 anos no Rio Grande do Sul. A buva (Conyza bonariensis é uma espécie daninha comum nos Estados da região Sul do Brasil e tradicionalmente controlada com uso de glyphosate. Entretanto, nos últimos anos plantas de buva têm apresentado poucos sintomas de toxicidade em resposta ao tratamento com glyphosate, sugerindo que estas plantas são resistentes ao herbicida. Assim, com o objetivo de avaliar a resposta de uma população de plantas de buva a glyphosate, foram realizados três experimentos: um em campo e dois em casa de vegetação. No experimento em campo, os tratamentos avaliados constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g ha-1, e os herbicidas paraquat (400 g ha-1 e 2,4-D (1.005 g ha-1 foram empregados como produtos testemunhas, com diferentes mecanismos de ação nas plantas. No experimento em casa de vegetação os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g ha-1, mais os herbicidas testemunhas, aplicados sobre plantas de um biótipo considerado resistente e de outro considerado sensível. No segundo experimento realizado em casa de vegetação, foram avaliados os tratamentos contendo glyphosate (720, 1.440 e 2.880 g ha-1, mais os herbicidas chlorimuron-ethyl (40 g ha-1, metsulfuron-methyl (4 g ha-1, 2,4-D (1.005 g ha-1, paraquat (400 g ha-1 e diuron + paraquat (200 + 400 g ha-1, bem como a testemunha sem tratamento herbicida. A toxicidade dos tratamentos herbicidas foi avaliada aos 7, 15 e 30 DAT (dias após tratamento. Os resultados obtidos nos experimentos em condições de campo e em casa de vegetação, de forma geral, evidenciam que o biótipo sensível é controlado pelo glyphosate e pelos demais herbicidas avaliados. Demonstram ainda que o biótipo resistente apresenta-se, igualmente ao biótipo sensível, altamente suscetível aos herbicidas

  2. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao glyphosate: coberturas de inverno e herbicidas em pré-semeadura da soja Management of glyphosate resistant Conyza bonariensis: winter cover crops and herbicides in soybean pre-seeding

    OpenAIRE

    Lamego,F.P.; Kaspary,T.E.; Ruchel,Q.; Gallon,M.; Basso,C.J.; SANTI, A.L.

    2013-01-01

    Conyza bonariensis tornou-se a principal planta daninha da cultura da soja no Sul do Brasil, em decorrência da evolução para resistência ao herbicida glyphosate. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes coberturas de inverno e da associação de manejo de dessecação pré-semeadura da soja, visando ao controle de C. bonariensis resistente ao glyphosate. Um experimento foi conduzido em campo, na safra 2010/2011. Os tratamentos foram conduzidos em esquema de parcelas subdividida...

  3. Manejo de populações de plantas daninhas resistentes aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase Management of weed populations resistant to ALS-Inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monquero

    2001-04-01

    ência, bem como populações de áreas que não tinham histórico da aplicação de herbicidas inibidores da ALS, foram obtidos resultados que confirmaram a resistência destas populações e a eficácia dos herbicidas alternativos obtidos em condições de campo. Como conclusão geral da pesquisa, ressalta-se que as populações resistentes de picão-preto e caruru estudadas possuem resistência cruzada às sulfoniluréias e imidazolinonas, mas não possuem resistência múltipla aos herbicidas inibidores do fotossistema II e aos inibidores da PROTOX, sugerindo que estes herbicidas alternativos podem ser utilizados para prevenção e manejo da resistência aos herbicidas inibidores da ALS.Soybean production areas of the central region of Brazil are commonly infested by the weed beggarticks (a mixture of the species Bidens pilosa and Bidens subalternans, similarly to soybean in Argentina, commonly infested by the redroot pigweed (Amaranthus quitensis. These weeds are usually controlled by several herbicides among which the most used are the ALS inhibitors. The intensive and repetitive use of these herbicides in São Gabriel do Oeste, MS - Brazil and in the provinces of Córdoba and Tucumã (Argentina has selected resistant populations of these weeds. Therefore, the objective of this research was carry out field and greenhouse experiments to study the management of these resistant populations, spraying as treatments the ALS-inhibitor herbicides chlorimuron-ethyl and imazethapyr and herbicides with alternative mechanism of action, protoporphyrinogen oxidase - PROTOX inhibitors (lactofen and fomesafen and photosystem II inhibitor (bentazon. The field experiment was conducted at São Gabriel do Oeste, MS - Brazil, where the suspected resistant population of beggarticks has not been controlled by ALS-inhibitor herbicides, in the last years, which had been sprayed annually for, at least, eight years. It was concluded that the herbicides chlorimuron-ethyl and imazethapyr were not

  4. Infecção ou colonização por micro-organismos resistentes: identificação de preditores Infection or colonization with resistant microorganisms: identification of predictors

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciana Maria de Moraes

    2013-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Identificar os fatores preditores de infecção ou colonização por micro-organismos resistentes. MÉTODOS: Foi realizado estudo quantitativo de coorte prospectivo. Foram realizadas a análise descritiva, para conhecimento da população do estudo, e a análise discriminante, para identificação dos fatores preditores. RESULTADOS: Foram incluídos 85 pacientes com infecções por micro-organismos resistentes: Pseudomonas aeruginosas resistente aos carbapenêmicos (24,7%, Acinetobacter resistente aos carbapenêmicos (21,2%, Staphylococcus aureus resistente à meticilina (25,9%, Enterococcus spp. resistente à vancomicina (17,6% e Klebsiella pneumoniae resistente aos carbapenêmicos (10,6%. A análise discriminante identificou transferências de outros hospitais e internação na Unidade de Terapia Intensiva como fatores preditores para ocorrência de infecção pelos grupos S. aureus resistente à meticilina, Acinetobacter resistente aos carbapenêmicos e K. pneumoniae resistente aos carbapenêmicos. Nenhuma das variáveis estudadas foi discriminante para Enterococcus spp. resistente à vancomicina e P. aeruginosas resistente aos carbapenêmico. CONCLUSÃO: Os fatores preditores encontrados foram: internação na UTI e a transferências de outros hospitais.OBJECTIVE: Identifying predictors of infection or colonization with resistant microorganisms. METHODS: A quantitative study of prospective cohort was carried out. A descriptive analysis was performed in order to know the population of the study and a discriminant analysis was performed to identify the predictors. RESULTS: In this study were included 85 patients with infections caused by resistant microorganisms: carbapenem-resistant Pseudomonas aeruginosas (24.7%; carbapenem-resistant Acinetobacter (21.2%; methicillin-resistant Staphylococcus aureus (25.9%, vancomycin-resistant Enterococcus spp (17.6% and carbapenem-resistant Klebsiella pneumonia (10.6%. The discriminant analysis

  5. Detección de los genes mecA, mecRl y mecí en cepas de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina de origen bovino aisladas en unidades de producción lechera familiar, México

    OpenAIRE

    M López-Vázquez; JS Martínez-Castañeda; M. Talavera-Rojas; JJ Valdez-Alarcón; V. Velázquez-Ordóñez

    2015-01-01

    En México como en otros países, Staphylococcus aureus es uno de los principales patógenos causantes de mastitis bovina. El tratamiento de esta enfermedad se realiza principalmente con antibióticos PTactámicos; sin embargo, en México existen estudios de Staphylococcus aureus resistente a este tipo de antibióticos, actualmente los mecanismos moleculares de Staphylococcus aureus resistente a meticilina no han sido ampliamente estudiados. En este trabajo se identificó Staphylococcus aureus aislad...

  6. Plantas transgênicas resistentes aos herbicidas: situação e perspectivas Resistant transgenic plants to the herbicide: situation and perspectives

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andréa Monquero

    2005-01-01

    Full Text Available Organismos geneticamente modificados (OGMs ou transgênicos podem ser plantas, animais ou microorganismos que tiveram no seu material genético a introdução de DNA proveniente de outro organismo. Em alguns casos, esse organismo poder ser outro individuo da mesma espécie, ou o mais comum, de outra espécie com o qual não há cruzamento natural. O uso dessa técnica no melhoramento de plantas permitirá aumentar a produção, reduzir perdas na pós-colheita, obter culturas mais tolerantes ao estresse ambiental, obter culturas que usem mais eficientemente nitrogênio e fósforo; aumentar o valor nutricional dos alimentos; obter plantas resistentes a herbicidas, pragas e ou doenças; desenvolver alternativas para indústrias como as de combustíveis e farmacêuticas. Alguns consumidores acreditam que OGM não é natural e que o melhoramento convencional é melhor, pois segue os princípios naturais de seleção ou usa mutações naturais. Entretanto, é possível e muito comum obter combinações indesejáveis de genes através do melhoramento tradicional. Com relação a culturas resistentes a herbicidas, várias preocupações podem ser destacadas. Essas incluem: (a deriva de herbicida para vegetação suscetível vizinha à cultura tolerante; (b cultura resistente ao herbicida pode tornar-se planta daninha de difícil controle; (c uso ilegal de sementes; (d reação pública negativa à engenharia genética; (e escape de genes para espécies nativas e (f seleção de biótipos resistentes ou de espécies tolerantes ao herbicida utilizado. A geração dos organismos geneticamente modificados tem sido alvo de polêmica e discussão nos diversos segmentos da sociedade. Porém, não se deve generalizar o uso dos transgênicos, pois cada um deve ser analisado quanto às suas vantagens, desvantagens e contribuição à melhoria da qualidade de vida.Genetically modified organisms (GMOs or transgenic may be plants, animals or microorganisms that have

  7. Nuovo terreno cromogeno MRSA ID per la rilevazione di S. aureus meticillino-resistente: affidabilità nella lettura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marco Arosio

    2006-06-01

    Full Text Available We proceeded to the evaluation of the reability of reading and interpretation of cultures on the chromogenic medium MRSA ID for the detection of methicillin-resistant S. aureus, within a surveillance program. Our observations demonstrate such method results a useful instrument of screening for the prevention and the control of the spread of the infections by MRSA.

  8. Ensaio terapêutico com glucantime em sagüis (Callithrix jacchus infectados com uma cepa de Leishmania donovani aparentemente resistente ao tratamento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R. Dietze

    1985-03-01

    Full Text Available Os autores relatam o resultado de um ensaio terapêutico em sagüis com uma cepa de Leishmania donovani isolada de um caso humano fatal de calazar, clinicamente resistente aos antimoniais (Glucantime e Pentostam, Anfotericina B ePentamidina. Os testes cutâneos realizados no paciente para avaliação da imunidade celular foram negativos à exceção do DNCB a 2%. Quatro sangüis adultos (Callithrix jacchus foram inoculados por via intraperitoneal com uma suspensão deformas amastigotas de L. donovani. Duzentos e dez dias após, todos os animais mostravam formas amastigotas do protozoário, evidenciadas através de punção hepática por aspiração. Iniciou-se então um esquema terapêutico com glucantime (28 mgSb v/kg/dia em três séries de 10 dias com cinco dias de intervalo entre elas em três dosprimatas,ficando o quarto animal como controle. Nos três animais tratados houve curaparasitológica da doença, o mesmo não ocorrehdo com o controle. O fato de a amostra de L. donovani ter sido, no paciente, resistente aos vários tratamentos e ter sido sensível em modelo experimental à terapêutica com glucantime, sugere a possibilidade de que fatores imunológicos do paciente possam ter contribuído para a evolução fatal da doença.The authors describe a therapeutic study in marmosets (Callithrix jacchus of a strain of Leishmania donovani isolated from a fatal human case of Kala-azar. The patient failed to respond to antimoniais (Glucantime and Pentostam, Amphotericin B and pentamidine therapy. Skin tests for the evaluation of cellular immunity were negative with the exception of 2% dinitrochlobenzene. Four adult marmosets were inoculated intraperitoneally with a suspension of amastigotes of L. donovani isolated from the hamster liver and spleen. Two hundred and ten days later all the animals had amastigotes in aspirates obtained by liver puncture. Glucantime treatment 28 mg/kilogram body weightper day for 3 series of 10 days was begun in

  9. Colonización nasal y vaginal por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en mujeres embarazadas en Cartagena, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oscar Correa

    2012-02-01

    Full Text Available Introduction: The host niche for Staphylococcus aureus (SA are the anterior nares; however, vaginal colonization rates between 14% and 17.1% in pregnant women have been recently reported, raising interest about the potential risk in postpartum women and in neonates from colonized mothers.Objectives: To determine the prevalence of nasal and vaginal colonization of SA and the antibiotic susceptibility of the isolates in pregnant women attending a maternity hospital in Cartagena, Colombia.Methods: Nasal and vaginal swabs were obtained from participants and subjected to microbiological and molecular assays. A post discharge follow-up was performed for up to four weeks.Results: From 100 pregnant women enrolled in the study, 34 were colonized with SA; 29 only in the nares, three only in the vagina, and two at both sites. Colonization of pregnant women with SA was more common in the nares than in the vagina or at both sites [29/34 (85.3% vs 3/34 (8.8% and 2/34 (5.9%; p<0.05]. We obtained 36 SA isolates, nine (25% of which were methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA, one was from the vagina; thus, the overall MRSA colonization rate among pregnant women was 9%. Molecular analysis showed that Panton-Valentine leukocidin (PVL genes were carried by the vaginal MRSA, seven of the nasal MRSA, and two of the Methicillinsensitive Staphylococcus aureus (MSSA isolates. Two MRSA isolates carried SCCmec type I and seven carried SCCmec type IV.Conclusions: Nasal colonization rate for SA in the study population was similar to previous reports. However, the frequency of nasal colonization of MRSA was higher while vaginal colonization of SA was lower than previouslyreported in other studies for similar populations. The MRSA isolates obtained showed a community profile.

  10. Parâmetros fisiológicos e nutricionais de cultivares de soja resistentes ao glifosato em comparação com cultivares isogênicas próximas

    OpenAIRE

    Juliano Fuhrmann Wagner; Aldo Merotto Junior

    2014-01-01

    Cultivares de soja resistentes ao herbicida glifosato podem apresentar variação de adaptação em função dos efeitos do processo de transformação e da consequência do herbicida glifosato sobre a disponibilidade de micronutrientes. O objetivo deste estudo foi avaliar a variação de adaptação em cultivares de soja resistentes a glifosato, em comparação com cultivares isogênicas próximas sobre parâmetros fisiológicos, nutricionais, de crescimento e no rendimento de grãos da cultura. Foi realizado e...

  11. Parâmetros fisiológicos e nutricionais de cultivares de soja resistentes ao glifosato em comparação com cultivares isogênicas próximas

    OpenAIRE

    Juliano Fuhrmann Wagner; Aldo Merotto Junior

    2014-01-01

    Cultivares de soja resistentes ao herbicida glifosato podem apresentar variação de adaptação em função dos efeitos do processo de transformação e da consequência do herbicida glifosato sobre a disponibilidade de micronutrientes. O objetivo deste estudo foi avaliar a variação de adaptação em cultivares de soja resistentes a glifosato, em comparação com cultivares isogênicas próximas sobre parâmetros fisiológicos, nutricionais, de crescimento e no rendimento de grãos da cultura. Foi realizado e...

  12. Desempenho de clones de copa de seringueira resistentes ao mal-das-folhas Performance of rubber tree crown clones resistant to South American leaf blight

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Vicente Haroldo de Figueiredo Moraes

    2008-11-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de 18 clones de seringueira resistentes ao Microcyclus ulei, usados como copas enxertadas. Foram utilizados oito clones híbridos de Hevea pauciflora x Hevea guianensis var. marginata, oito de H. pauciflora x H. rigidifolia e dois clones de H. pauciflora, enxertados sobre o painel de CNS AM 7905 - seleção primária de H. brasiliensis - e cultivados em Latossolo Amarelo distrófico, em Manaus, AM. Foram avaliados: perímetro do tronco, estado nutricional e produtividade de borracha seca. Copas enxertadas de híbridos H. pauciflora x H. guianensis var. marginata causam crescimento mais rápido do tronco, com redução do período de imaturidade da seringueira. O alto nível de resistência dos híbridos de H. rigidifolia ao percevejo-de-renda (Leptopharsa heveae justifica a introdução de outros genótipos dessa espécie para novas hibridações. Os clones CPAA C 01, 06, 13, 15, 16 e 45 apresentam excelente potencial de produção de borracha seca, nas condições climáticas e de solos de terra firme da Amazônia Tropical Úmida.The objective of this study was to evaluate the performance of 18 rubber tree clones, resistant to Microcyclus ulei and used as budded crowns. Eight hybrid clones of Hevea pauciflora x Hevea guianensis var. marginata, eight of H. pauciflora x H. rigidifolia, and two clones of H. pauciflora were used as budded crowns onto CNS AM 7905 - a primary selection of H. brasiliensis - and cultivated in a Xanthic Ferralsol, in Manaus, Amazônia, Brazil. Trunk girth, nutritional status and rubber productivity were evaluated. The budded crowns of hybrids of H. pauciflora x H. guianensis var. marginata cause fastest trunk girth increment, with shortening of the imaturity period of rubber tree. The high resistance level of H. rigidifolia hybrids to Leptopharsa heveae justifies the introduction of other genotypes of this species, for new hybridizations. The clones CPAA C 01, 06, 13

  13. Staphylococcus aureus resistentes a meticilina (SARM positivos para PVL aislados en individuos sanos de Montería-Córdoba

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sara Pineda

    2010-08-01

    Full Text Available PVL positive methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSAs strains isolated from healthy individuals in Montería,Córdoba. Objective. To study SARM and PVL producing strains in healthy individuals of Montería city. Materials and methods.This was a descriptive, prospective and transversal study. A total of 253 samples from pharyngeal swabs in three communities werestudied: 91 prisoners of the jail of Montería (19-58 years old, 100 young adult students of the University of Cordoba (17-30 years oldand 62 children in school age (4-9 years old of the primary school of the University of Cordoba. Individuals analyzed had not beenhospitalized, had not received any antimicrobial treatment and did not show any clinical signs or symptoms in the last months. Theisolates were identified by conventional microbiological tests and the antimicrobial susceptibility was determined for different antibioticswith MicroScan™ kit 1A (SIEMENS. For the detection of the nuc, mecA and PVL genes, we followed the protocols of Brakstad et al.,Oliveira et al. and Gerard et al. respectively. Results. Of the 253 analyzed samples, 62 (24.5% were positive for S. aureus, out of those4 (6.45% were resistant to methicillin and 2 (25% of them were PVL positive; 58 (93.54% were sensitive to methicillin and 6 (75%positive for PVL. Conclusions. Results obtained in this study show the colonization by SARM-AC of healthy individuals. Colonizationwas higher in young adults and children in school-age.

  14. Prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a meticilina en infecciones de piel y partes blandas en pacientes ambulatorios Prevalence of methicillin resistant Staphylococcus aureus in skin and soft tissue infections, in ambulatory patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Verónica Bermejo

    2012-08-01

    Full Text Available Recientemente se ha observado un aumento en la prevalencia de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SAMR en pacientes ambulatorios con infecciones de piel y partes blandas (IPyPB. Los datos epidemiológicos locales disponibles son limitados. Se realizó un estudio descriptivo, prospectivo, de consultantes con IPyPB en la División Infectología del Hospital General de Agudos Juan A. Fernández, en el período 01/10/2009 a 31/01/2011. Fueron 130; edad mediana 36 años (RIC 25.9-43.5; hombres 61.5%. El 46.9% era HIV+. Cien cultivos (76.9%, de 100 pacientes, resultaron positivos: 83 S. aureus, 8 Streptococcus spp. y 9 con otros microorganismos. De los S. aureus aislados, 62 (74.7% fueron resistentes a oxacilina, 12 (14.4% a clindamicina, 14 (16.9% a eritromicina, 5 (6% a ciprofloxacina, presentando en algunos casos más de una resistencia. Todos fueron sensibles a rifampicina y minociclina, y 98.8% (82 a trimetoprima-sulfametoxazol. El 83.8% (52 de los pacientes con SAMR tenían algún factor de riesgo (FR, sin diferencias con los pacientes con otros aislamientos. La presentación clínica más frecuente de IPyPB / SAMR fue forunculosis: 56.4 (35/62 vs. 28.9% (11/38 en infecciones por otros microorganismos (p = 0.013. La resistencia a oxacilina fue similar entre pacientes HIV+ y negativos (79.1 vs. 70%, p = 0.179 (34/43 vs. 28/40. Concluimos que en la población estudiada se encontró una alta prevalencia de SAMR, independientemente de la serología para HIV o la presencia de FR. Las opciones de tratamiento empírico para este microorganismo son minociclina y trimetoprima-sulfametoxazol.An increased prevalence of community-acquired methicillin resistant Staphylococcus aureus (MRSA in skin and soft tissue infections (SSTI has been recently reported. Epidemiological data in Argentina is limited. Our objectives were to evaluate etiological agents, clinical presentation, risk factors and evolution of SSTI in ambulatory patients, in a

  15. Analysis of the genetic diversity of vancomycin-resistant Staphylococcus aureus Análise da diversidade genética do Staphylococcus aureus resistente à vancomicina

    OpenAIRE

    Geraldo B. Melo; Melo,Michelle C.; Gama,Alexandre P.; Carvalho,Karinne S.; Teresa C. Jesus; Bonetti, Ana M.; Gontijo Filho,Paulo P.

    2005-01-01

    Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) and methicillin-resistant coagulase-negative staphylococci (MRCoNS) are among the most frequent causes of hospital infections worldwide, thus justifying the increasing use of vancomycin. In this study, we evaluated the presence of glycopeptide-resistant staphylococci, in 41 patients hospitalized in the Clinical Hospital of the Federal University of Uberlândia in Uberlândia, MG, who were being treated with vancomycin. All isolates were plated ...

  16. Terapias somáticas para transtornos psiquiátricos resistentes ao tratamento Somatic therapies for treatment-resistant psychiatric disorders

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Raphael J Braga

    2007-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: O presente artigo é uma revisão do conhecimento atual relativo às terapias somáticas em psiquiatria, com foco em transtornos psiquiátricos resistentes ao tratamento usual. MÉTODO: Foi realizada uma pesquisa computadorizada da literatura no Medline utilizando as palavras "eletroconvulsoterapia", "estimulação magnética transcraniana", "terapia magnética convulsiva", "estimulação do nervo vago" e "estimulação cerebral profunda", com todos os termos traduzidos para o idioma inglês. Referências listadas em cada artigo foram também analisadas. RESULTADOS: O desenvolvimento de novos tratamentos psiquiátricos não farmacológicos nas últimas décadas renovou o interesse em terapias somáticas. A despeito de a eletroconvulsoterapia continuar a ser o único tratamento somático com eficácia estabelecida, a estimulação magnética transcraniana, a terapia magnética convulsiva, a estimulação do nervo vago e a estimulação cerebral profunda são potencialmente novas modalidades de tratamento psiquiátrico. CONCLUSÕES: Novas modalidades de tratamento ainda padecem de falta de conhecimento cientifico adequado. Entretanto, estratégias somáticas ainda representam uma promessa como formas mais eficazes e seguras de tratamento psiquiátrico.OBJECTIVE: This paper reviews the current knowledge of somatic treatment in psychiatry, with a focus on treatment-resistant psychiatric disorders. METHOD: A computerized search of the literature was conducted on Medline using the words "electroconvulsive therapy", "transcranial magnetic stimulation", "vagus nerve stimulation", "deep brain stimulation" and "magnetic seizure therapy". References from each paper were also screened. RESULTS: The development of new non-pharmacological psychiatric interventions in the past decades has renewed the clinical and research interest in somatic therapies. Although electroconvulsive therapy remains the only somatic treatment with undisputed efficacy

  17. Obtenção de variedades de pimentão resistentes ao mosaico Breeding sweet pepper varieties for resistance to mosaic

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Nagai

    1968-01-01

    Full Text Available Tendo em vista as perdas consideráveis causadas pela moléstia conhecida como "mosaico do pimentão", induzida por estirpes do vírus Y da batatinha, nas culturas de pimentão (Capsicum annuum L., formulou-se um projeto visando criar variedades resistentes. Como fontes de resistência, cêrca de 45 introduções de pimentão e 46 de pimenteiras, compreendendo oito espécies do gênero Capsicum, foram submetidas aos testes de inoculação. Três novos fatores genéticos responsáveis pela resistência aos grupos n e w do vírus Y foram encontrados em certas variedades de C. annuum: Gene "H": dominante, encontrado nas variedades Casca Dura e Mogi cias Cruzes, que condiciona reação de hipersensibilidade ao vírus Yn. Gene "w": recessivo, que controla a tolerância da var. Pôrto Rico Wonder ao vírus Yw. Gene "f": recessivo, que condiciona a tolerância ao vírus Yf na var. Moura. Há indicação de alelismo entre os genes "w" e "f", sendo que o nível de tolerância dêste é mais elevado que o daquele. A imunidade ao vírus Y constatada em P 11 (P. I. 264281, cujo comportamento foi atribuído à ação de um par de genes recessivos "yª", foi confirmada também com relação às estirpes do virus Y que aqui ocorrem. As combinações de tôdas as fontes de resistência acima citadas possibilitaram a criação de novas variedades de pimentão pràticamente imunes ao vírus Y, bastante produtivas e com características comerciais satisfatórias. Agronômico 7 produz frutos quadrados (tipo California Wonder e Agronômico 8 apresenta frutos cônico-alongados (tipo Casca Dura.A highly prevalent type of mosaic that induces heavey losses to sweet pepper (Capsicum annuum L. plantings in São Paulo and other neighboring states is caused by two groups of the potato virus Y complex, designated as n and w. Group n is represented by strain Yn; group w by strains Yw and Yf. Screening tests with 45 sweet pepper varieties and 46 others of the pungent type

  18. Colonización nasal bacteriana en población sana de la ciudad de Santiago de Chile: ¿Existe portación de Staphylococcus aureus meticilino resistente comunitario?

    OpenAIRE

    Platzer M,Liesbeth; Aranís J,Carolina; Beltrán M,Constanza; Fonseca A,Ximena; García C,Patricia

    2010-01-01

    Introducción: No existe consenso en cuanto a qué se considera flora nasal normal. Recientemente, ha emergido Staphylococcus aureus meticilino resistente comunitario (MRSA-com) en personas sin factores de riesgo conocido, produciendo una alarma sanitaria a nivel mundial. Objetivo: Determinar la colonización nasal bacteriana y evaluar la presencia de MRSA-com. Material y método: Estudio prospectivo descriptivo, entre octubre de 2007 y octubre de 2008, en población sana. Se realizó toma de muest...

  19. Avaliação da tolerância à vancomicina em 395 cepas hospitalares de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina Evaluation of the tolerance to vancomycin in 395 oxacillin-resistant Staphylococcus aureus strains isolated from Brazilian hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Geraldo A. Oliveira

    2001-01-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de tolerância à vancomicina em cepas de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (Orsa isoladas de quatro hospitais da cidade de São Paulo. Foram estudadas 395 cepas Orsa isoladas de pacientes hospitalizados entre outubro de 1998 e maio de 2000. A determinação da concentração inibitória mínima (CIM e da concentração bactericida mínima (CBM para vancomicina foi realizada conforme padronizado pelo National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS. A tolerância à vancomicina foi definida como a razão CBM/CIM > ou = 32. Do total de cepas estudadas, 10,4% apresentaram CIM de 0,5µg/ml para vancomicina; 41,3%, CIM de 1µg/ml; 42,2%, CIM de 2µg/ml; e 6,1%, CIM de 4µg/ml. Em média, 49,1% dos Orsa apresentaram tolerância à vancomicina. Em conclusão, a tolerância à vancomicina entre as cepas Orsa foi considerada elevada. Conseqüentemente, aumentam as chances de falhas no tratamento com vancomicina, além de aumentar o risco da emergência de Staphylococcus aureus vancomicina-intermediário.The objective of this study was to evaluate the presence of tolerance to vancomycin in oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (Orsa strains isolated from four hospitals in the city of São Paulo. From October/1998 to May/2000 we analysed 395 Orsa strains isolated from hospitalized patients. MIC and MBC to vancomycin were determined as standardised by National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS. Tolerance was defined as the ratio MBC/MIC > or = 32. The results showed that 10.4% of the Orsa strains presented a MIC of 0.5µg/mL for vancomycin, 41.3% presented a MIC of 1µg/mL, 42.2% a MIC of 2µg/mL and 6.1% a MIC of 4µg/mL. On average, 49,1% of the Orsa presented tolerance to vancomycin. We conclude that the tolerance to vancomycin amongst the Orsa strains was considered high. These high levels of tolerance augment the chances of failure in the treatment with

  20. Avaliação in vitro da atividade antibacteriana da água ozonizada frente ao Staphylococcus aureus In vitro evaluation of the antibacterial activity of ozonized water against Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Engel VELANO

    2001-03-01

    Full Text Available O Staphylococcus aureus faz parte da microbiota da pele, mucosas e nasofaringe de várias espécies animais, incluindo o homem, mas também está associado a enfermidades como abscessos, bacteremias, endocardites e osteomielites, além de se mostrar resistente a múltiplas drogas. Este trabalho foi realizado com a finalidade de avaliar o efeito do gás ozônio, dissolvido em água, sobre o S. aureus. Foram preparadas suspensões de S. aureus, com concentrações variando de 10(6 a 10(16 microrganismos/ml. De cada suspensão recém-preparada foi retirado 1 ml e adicionado a 99 ml de água destilada estéril (com ou sem prévia ozonização, em um reator de cristal. Foram preparadas diluições seriadas (1/10 das suspensões testadas e inoculado 0,1 ml de cada suspensão em Tryptic Soy Agar, incubadas a 37ºC por 24 h, quando então se procedeu à contagem das UFC. Os resultados obtidos mostraram que o tempo máximo para a inativação total das bactérias tratadas com água previamente ozonizada (0,6 mg/ml foi de 5’25" e, para a água não previamente ozonizada, foi de 23’45", indicando um efeito antibacteriano mais rápido da água previamente ozonizada, frente ao S. aureus.Staphylococcus aureus belongs to the normal flora of the skin, mucosa and nasopharynx of several animal species, including man, but it is also associated to illnesses such as abscesses, bacteremia, endocarditis and osteomyelitis, besides showing resistance to multiple drugs. The purpose of this paper was to evaluate the disinfecting ability of ozone when dissolved in water. Suspensions of Staphylococcus aureus with concentrations varying from 10(6 to 10(16 microorganisms/ml were prepared. One milliliter of each recently prepared suspension was added to 99 ml of distilled water (with or without previous ozonization contained in a crystal reactor. Aliquots of 0.1 ml of this new suspension were taken at various time intervals and, then, serially diluted and inoculated on

  1. Acinetobacter spp. e Pseudomonas aeruginosa resistentes aos carbapenêmicos no Hospital Universitário de Santa Maria, Rio Grande do Sul = Carbapenem-resistant Acinetobacter spp. and Pseudomonas aeruginosa at the University Hospital of Santa Maria, Rio Grande do Sul state, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Brezolin, Daiane

    2014-01-01

    Conclusões: Neste estudo Acinetobacter spp. e P. aeruginosa apresentaram elevada resistência aos antimicrobianos. A polimixina B mostrou-se um bom antimicrobiano para o tratamento de infecções por microrganismos resistentes aos carbapenêmicos neste nosocômio

  2. Community prevalence of methicillin and vancomycin resistant Staphylococcus aureus in and around Bangalore, southern India Prevalência de Staphylococcus aureus resistente à meticilina e à vancomicina em comunidade no entorno de Bangalore, Índia do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rajendra Goud

    2011-06-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Staphylococcus aureus is a known colonizer in humans and has been implicated in community acquired soft tissue infections. However emergence of methicillin resistant S. aureus (MRSA has aroused great concern worldwide. This study aimed to determine the prevalence of MRSA in the community of Bangalore, southern India. METHODS: Swabs were collected from anterior nares, forearm, dorsum and palm of the hands of 1,000 healthy individuals residing in and around Bangalore, belonging to different socioeconomic strata and age groups. RESULTS: Analysis verified that 22.5% and 16.6% of the individuals presented Staphylococcus aureus and MRSA, respectively, at any of the three sites. Vancomycin resistance was observed in 1.4% of the S. aureus isolates, which was confirmed by detection of the vanA gene. It was interesting to note that 58.8% of the children in the age group 1-5 years-old presented MRSA, the highest percentage compared to other age groups of 40 (11% years-old and 20-40 (9.9% years-old. Among the population of various socioeconomic strata, maximum MRSA colonization was observed among doctors (22.2%, followed by upper economic class (18.8%, lower economic class (17.7%, apparently healthy hospital in-patients (16.5%, nurses (16% and middle economic class (12.5%. Most of the MRSA isolates were capsular polysaccharide antigen type 8 (57.1%. CONCLUSIONS: There is a need for continuous surveillance and monitoring of the presence of MRSA in the community and a clearer understanding of the dynamics of the spread of MRSA will assist in controlling its dissemination.INTRODUÇÃO: O Staphylococcus aureus é conhecido por ser um colonizador em humanos sendo implicado em infecções comunitárias dos tecidos moles. Contudo, a resistência à meticilina e emergência de S. aureus meticilina resistentes (MRSA têm despertado preocupação em todo o mundo. O presente estudo visa encontrar a prevalência de MRSA na comunidade de Bangalore, sul da

  3. Diagnosis and susceptibility testing of methicillin-resistant Staphylococcus aureus in Latin America Diagnóstico e teste de sensibilidade para Staphylococcus aureus resistente à meticilina na América Latina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jeannete Zurita

    2010-12-01

    Full Text Available Strategies to monitor and control the spread of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA infections are dependent on accurate and timely diagnosis of MRSA in both hospital and community settings. In Latin America, significant diversity in diagnostic and susceptibility testing procedures exists at the regional, national and local levels. Various tests for S. aureus and MRSA are available in clinical settings, but the application of these techniques differs between and within countries, and quality control measures are not uniformly applied to verify diagnoses. To optimize the diagnosis of MRSA infections across Latin America, a more consistent approach is required. This may include: adoption and appropriate adaption of specific guidelines for MRSA testing, depending on local resources; establishment of a coordinated system for quality control; regional access to central reference facilities; education of medical and healthcare professionals in best practices; and development of systems to evaluate the implementation of guidelines and best practicesAs estratégias para monitoração e controle da propagação das infecções por Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA dependem de um diagnóstico acurado e oportuno de MRSA, tanto no hospital como na comunidade. Na América Latina existe diversidade significativa nos procedimentos diagnósticos e nos testes de sensibilidade, nos níveis regional, nacional e local. São vários os testes para MRSA disponibilizados na clínica, mas a aplicação desses testes difere entre países e dentro do mesmo país, e as medidas de controle de qualidade não são uniformemente aplicadas para a verificação dos diagnósticos. Para que os diagnósticos de infecções por MRSA na América Latina sejam otimizados, faz-se necessária uma abordagem mais consistente. Essa abordagem pode consistir de: adoção e adaptação apropriada das recomendações específicas para testes de MRSA, dependendo

  4. Síntese e determinação da atividade antimicrobiana de derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos frente a Staphylococcus aureus multi-resistente Synthesis and determination of antimicrobial activity of 5-nitro-2-thiophylidene derivatives against MRSA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Masunari

    2006-09-01

    Full Text Available O elevado nível de resistência que cepas de Staphylococcus aureus vêm apresentando aos antibióticos atualmente disponíveis caracteriza-se como grave problema em âmbito mundial e com consequências que beiram à fatalidade. Com a atenção voltada para este fenômeno, quatorze derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos foram sintetizados e testados quanto à atividade antimicrobiana frente a cepas padrão (ATCC 25923 e multi-resistente (3SP/R33 de Staphylococcus aureus. Todos os compostos testados apresentaram excelente atividade bacteriostática e, alguns entre eles, atividade bactericida. A 5-nitro-2-tiofilideno-4-acetilbenzidrazida se mostrou como o composto mais ativo com concentração inibitória equivalente a 0,14 mg/mL. A partir dos resultados obtidos evidenciou-se o forte potencial de derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos como possível alternativa para o desenvolvimento de novos fármacos com atividade antimicrobiana.Infection diseases caused by methicillin-resistant Staphylococcus aureus have been an increasing problem worldwide presenting significant morbidity and mortality rates. Thus, fourteen benzoic acid [(5-nitro-thiophen-2-yl-methylene]-hydrazides were designed, synthesized and tested against standard (ATCC 25923 and multidrug-resistant strains of Staphylococcus aureus. All compounds exhibited significant bacteriostatic activity and, in such cases, also bactericidal activity, especially the p-COCH3 derivative with MIC = 0.14 mg/mL. The results have demonstrated the potential of synthesized compounds as alternative to the development of selective antimicrobial agents.

  5. Padrão eletroforético de proteínas resistentes ao calor em sementes de milho Electrophorectic pattern of the heat resistant proteins of corn seeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Solange Carvalho Barrios Roveri José

    2005-02-01

    Full Text Available Na aquisição e manutenção da tolerância à dessecação de sementes, há vários mecanismos envolvidos, entre eles a indução das proteínas resistentes ao calor. O objetivo deste trabalho foi avaliar mudanças no padrão eletroforético das proteínas resistentes ao calor de sementes de milho submetidas a alta temperatura de secagem, associando-as à sua tolerância. Foram utilizadas sementes de linhagens, híbridos simples e híbridos recíprocos colhidas com teor de água de aproximadamente 35% e secadas a 45°C. Sementes das linhagens secadas à sombra foram utilizadas como controle e sua qualidade fisiológica foi avaliada por meio do teste de germinação. As proteínas resistentes ao calor foram extraídas de eixos embrionários das sementes em tampão Tris HCl 0,05 M. Não foi possível determinar uma banda específica da fração das proteínas resistentes ao calor que possa servir como marcador da tolerância à alta temperatura de secagem. Houve estabilidade nos padrões de bandas das proteínas provenientes de sementes submetidas à secagem artificial e natural, mesmo quando foram observadas variações nos valores de germinação. Os padrões eletroforéticos das proteínas resistentes ao calor foram semelhantes entre as sementes híbridas e os respectivos recíprocos.Several mechanisms are involved in the acquisition and maintenance of desiccation tolerance by the seeds. One of these mechanisms is related to the induction of heat resitant proteins. The objective of this work was to evaluate changes in the electophorectic patterns of the heat resistant proteins of corn seeds submitted to high drying temperature associating their expression with drying tolerance. Seeds of breeding lines, simple hybrids and respective reciprocals hybrids were utilized. The seeds were harvested with approximately 35% of water content and dried at 45°C. Seeds of lines dried under shadow were used as control and the physiological quality was

  6. Melhoramento do cafeeiro: XLIII. seleção de cafeeiros resistentes ao bicho-mineiro Coffee breeding: XLIII. selection of coffee trees resistant to the leaf miner (Perileucoptera coffeella

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveiro Guerreiro Filho

    1990-01-01

    Full Text Available Estudaram-se diversos parâmetros agronômicos em progênies oriundas de potinização aberta e de hibridações envolvendo os cafeeiros C 1195-5-6-1 e C 1195-5-6-2, resistentes ao bicho-mineiro (Perileucoptera coffeella. Ambos apresentam florescimento abundante e precocidade de maturação, características da espécie Coffea racemosa, da qual se originaram por retrocruzamentos com C. arabica. Hibridações desses dois cafeeiros foram realizadas com os cafés Icatu, Catimor, Híbrido de Timor e Catuaí. Os três primeiros, derivados de retrocruzamentos de C. canephora com C. arabica, são resistentes ao agente da ferrugem (Hemileia vastatrix e, o último, cultivar de grande expressão econômica, tem porte reduzido e elevada capacidade produtiva. A análise das progênies realizada em quatro ensaios revelou que todos esses atributos, presentes em tão diverso germoplasma, são geneticamente transmissíveis e se encontram nas progênies investigadas, em associações diversas. Os dados de produção e o fato de não existirem associações antagônicas entre esses atributos sugerem a possibilidade do desenvolvimento de cultivares produtivos, resistentes ao bicho-mineiro e com outras características desejáveis, principalmente resistência ao agente da ferrugem.Several agronomic characteristics were studied in progenies from open pollinations and hybridizations of coffee trees C1195-5-6-1 and C1195-5-6-2. Both, resistant to the leaf miner (Perileucoptera coffeella, bloom profusely and are early ripening, characteristics of Coffea racemosa from which they originated via backcross to C. arabica. Hybrids of these two individuals with Icatu, Catimor, Híbrido de Timor and Catuaí cultivars were evaluated. The first three cultvars, C. canephora x C. arabica backcross derivatives, are resistant to the leaf rust (Hemileia vastatrix and the last a leading C. arabica cultivar has short stature and high yield capacity. The study of the progenies

  7. Crescimento diferencial de biótipos de Conyza SPP. resistente e suscetível ao herbicida glifosato Differential growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza SPP

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Murilo Sala Moreira

    2010-01-01

    Full Text Available Este trabalho foi realizado com o objetivo de comparar, em condição controlada e não-competitiva, o crescimento de biótipos de Conyza canadensis e C. bonariensis resistente e suscetível ao herbicida glifosato, a fim de quantificar os efeitos da pressão de seleção para resistência nos biótipos. Dois experimentos foram desenvolvidos com tratamentos organizados em esquema fatorial 9 x 2, com nove avaliações periódicas de crescimento e dois biótipos de cada espécie. As variáveis avaliadas por planta foram: área foliar; massa seca da parte aérea, das raízes e total, obtendo-se, a partir desta última, a taxa de crescimento absoluto. O biótipo de C. canadensis resistente ao glifosato possui crescimento mais lento, menor acúmulo de área foliar e de massa seca que o biótipo suscetível. Menores áreas foliar e massa seca também foram registradas para o biótipo de C. bonariensis resistente ao glifosato quando comparado ao suscetível, porém com diferenças mais sutis que aquelas constatadas para C. canadensis. O crescimento absoluto do biótipo suscetível foi superior ao do resistente em ambas as espécies. A pressão de seleção para resistência ao glifosato teve impactos negativos na habilidade de crescimento dos biótipos.This work was carried out with the objective of comparing, under controlled and non-competitive condition, the growth of glyphosate-resistant and susceptible biotypes of Conyza canadensis and C. bonariensis; to quantify the effects of resistance selection pressure on the biotypes. Two trials were developed with treatments organized according to a factorial scheme 9 x 2, where nine were periodical growth evaluations and two were biotypes of each species. The variables evaluated per plant were: leaf area and dry mass (shoot, root and total; to determine absolute growth rate from the total dry mass. The glyphosate-resistant biotype of C. canadensis exhibits slower growth and smaller accumulation of leaf area

  8. Estudos de QSAR-3D em derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos com atividade frente a Staphylococcus aureus multi-resistente 3D QSAR studies of 5-nitrothiophene derivatives with antimicrobial activity against multidrug-resistant Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Masunari

    2007-06-01

    Full Text Available Campos moleculares extraídos de aplicativos utilizados em estudos de QSAR-3D apresentam, em geral, grande número de informações, muitas vezes irrelevantes na expressão da atividade biológica. O programa Volsurf converte as informações presentes em mapas de energia de interação tridimensionais em número reduzido de descritores bidimensionais que se caracterizam como de fácil entendimento e interpretação. Assim, foram avaliados, neste estudo, dezoito derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos com atividade antimicrobiana frente a Staphylococcus aureus multi-resistente, correlacionando as características tridimensionais destes ligantes com a referida atividade. Para o desenho e conversão tridimensional dos ligantes foram utilizados os aplicativos Sybyl (Tripos Inc e CORINA (Molecular Networks GmbH Computerchemie, respectivamente. Os campos de interação molecular foram calculados no programa GRID (Molecular Discovery Ltd. A aplicação do programa Volsurf (Molecular Discovery Ltd resultou em modelo estatisticamente robusto (r² = 0,93, q² = 0,87 com 48 descritores estruturais, mostrando ser a hidrofobicidade propriedade fundamental no condicionamento da atividade antimicrobiana.Studies in three-dimensional molecular fields generally contain a large amount of data, some of which are redundant or not relevant. The program Volsurf, a quite fast method, is able to compress the relevant information present in 3D molecular structures into a few easy bidimensional descriptors. This study correlates the antimicrobial activity of eighteen 5-nitro-2-thiophylidene derivatives against multidrug-resistant Staphylococcus aureus with three-dimensional molecular fields of these ligands. For molecular structures sketching and 3D conversion, Sybyl and CORINA programs were used, respectively. The GRID force field was applied to generate the 3D interaction energies. The Volsurf characterization results on significant statistic model with 48 descriptors (r

  9. Infecciones adquiridas en la comunidad por Staphylococcus aureus resistente a meticilina en un hospital de agudos Community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus infections in a hospital for acute diseases

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    S. Palombarani

    2007-09-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus resistente a meticilina (SAMR es uno de los principales agentes asociados a infecciones intrahospitalarias; sin embargo, en los últimos años ha surgido como un patógeno emergente de la comunidad, causando infecciones graves, principalmente en jóvenes. Se describen 33 casos de infecciones por SAMR de origen comunitario, diagnosticadas entre mayo de 2005 y junio de 2006 en el HIGA "Eva Perón". Se estudiaron retrospectivamente los aislamientos; se confirmó la resistencia a meticilina mediante la detección del gen mecA, se investigó la presencia de genes que codifican dos factores de virulencia (leucocidina de Panton-Valentine -LPV- y g-hemolisina y el tipo de casete mec mediante PCR. Todos los pacientes se encontraban sanos previamente. Cuatro pacientes menores de 12 años presentaron bacteriemia, uno con neumonía grave y los 3 restantes con infección osteoarticular; todos los pacientes mayores de 12 años presentaron infecciones de piel y partes blandas sin compromiso sistémico. Se constató la presencia de casete mec tipo IV en todos los aislamientos; la resistencia a meticilina no se acompañó de resistencia a otros antimicrobianos; los aislamientos fueron portadores de genes que codifican para LPV y para g-hemolisina. Es importante considerar la presencia de estas cepas de origen comunitario a fin de elaborar estrategias para su correcto tratamiento.Methicillin- resistant Staphylococcus aureus (MRSA is one of the most prevalent pathogens associated with nosocomial infections. However, most recently, MRSA has arisen as an emerging community pathogen, causing serious infections, mainly among young patients. We herein describe 33 cases of infections caused by community-acquired MRSA (CMRSA, diagnosed between May 2005 and June 2006, at "Eva Perón" Hospital. The isolations were retrospectively studied. Methicillin resistance was confirmed by means of the detection of the mecA gene, and the genes for two virulence

  10. Knockdown resistance in pyrethroid-resistant horn fly (Diptera: Muscidae populations in Brazil Resistência Knockdown em populações de mosca-dos-chifres do Brasil resistentes aos piretróides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gustavo A. Sabatini

    2009-09-01

    Full Text Available To investigate the kdr (knockdown resistance resistance-associated gene mutation and determine its frequency in pyrethroid-resistant horn fly (Haematobia irritans populations, a total of 1,804 horn flies of 37 different populations from all Brazilian regions (North, Northeast, Central-West, Southeast, and South were molecular screened through polymerase chain reaction (PCR. The kdr gene was not detected in 87.08% of the flies. However, the gene was amplified in 12.92% of the flies, of which 11.70% were resistant heterozygous and 1.22% were resistant homozygous. Deviation from Hardy-Weinberg equilibrium (HWE was found only in 1 ranch with an excess of heterozygous. When populations were grouped by region, three metapopulations showed significant deviations of HWE (Central-West population, South population and Southeast population. This indicates that populations are isolated one from another and kdr occurrence seems to be an independent effect probably reflecting the insecticide strategy used by each ranch. Although resistance to pyrethroids is disseminated throughout Brazil, only 48% of resistant populations had kdr flies, and the frequency of kdr individuals in each of these resistant populations was quite low. But this study shows that, with the apparent exception of the Northeast region, the kdr mechanism associated with pyrethroid resistance occurs all over Brazil.Com o objetivo de verificar a ocorrência e determinar a frequência da mutação kdr (knock down resistance em populações de Haematobia irritans (mosca-dos-chifres resistentes aos piretróides, foram analisados 1.804 indivíduos de 37 populações de todas as Regiões do Brasil. Com exceção da Região Nordeste, o kdr (knock down resistance gene foi encontrado em populações de todas as regiões. A mutação não foi detectada em 87,08% dos indivíduos. Entretanto, o gene foi amplificado de 12,92% das moscas, das quais 11,70% se mostraram heterozigotas resistentes e 1

  11. Herbicidas alternativos para controle de biótipos de Conyza bonariensis e C. canadensis resistentes ao glyphosate Alternative herbicides to control glyphosate-resistant biotypes of Conyza bonariensis and C. canadensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.S. Moreira

    2010-01-01

    Full Text Available Após sucessivos anos, aplicações do herbicida glyphosate em pomares de citros no Estado de São Paulo selecionaram biótipos resistentes de Conyza bonariensis e C. canadensis. Na ocorrência de plantas daninhas resistentes em uma área agrícola, tornam-se necessárias mudanças nas práticas de manejo para obtenção de adequado controle das populações resistentes, bem como para a redução da pressão de seleção sobre outras espécies. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de identificar herbicidas alternativos para controle de biótipos de Conyza spp. resistentes ao herbicida glyphosate, com aplicações em diferentes estádios fenológicos da planta daninha. Três experimentos foram conduzidos em campo, em pomares de citros em formação, sobre plantas de buva em estádio fenológico de dez folhas e no pré-florescimento. Para plantas no estádio de dez folhas, controle satisfatório foi obtido com aplicações de glyphosate + bromacil + diuron (1.440 + 1.200 + 1.200 g ha-1, glyphosate + atrazina (1.440 + 1.500 g ha-1 e glyphosate + diuron (1.440 + 1.500 g ha-1. Quando em estádio de pré-florescimento de Conyza spp., a aplicação do herbicida amônio-glufosinato, na dose de 400 g ha-1, isolado ou associado a MSMA, bromacil+diuron, metsulfuron, carfentrazone e paraquat, foi a alternativa viável para controle dos biótipos resistentes ao glyphosate.After successive years, glyphosate applications on São Paulo-Brazil citrus orchards selected resistant biotypes of Conyza bonariensis and C. canadensis. The occurrence of herbicide-resistant weed biotypes at some agricultural area makes it necessary to change the management practices to reach effective control of the selected resistant populations, as well as to reduce selection pressure on the other species. Thus, this work aimed to identify the alternative herbicides to control glyphosate-resistant biotypes of Conyza spp., with applications at different weed phenological

  12. Tuberculose resistente: revisão molecular

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rossetti Maria Lúcia Rosa

    2002-01-01

    Full Text Available O progresso na compreensão dos mecanismos de resistência aos fármacos usados no tratamento da tuberculose tem permitido o desenvolvimento de novos métodos para a detecção da tuberculose resistente. A resistente aos fármacos representa uma ameaça para os programas de controle da tuberculose. Para tanto, é necessário conhecer o padrão de sensibilidade das linhagens para fornecer o tratamento adequado. Os estudos moleculares dos mecanismos de ação dos fármacos antituberculose têm elucidado as bases genéticas da resistência aos fármacos em Mycobacterium tuberculosis. Os mecanismos de resistência aos fármacos na tuberculose são causados por mutações cromossomais em diferentes genes da bactéria. Durante a exposição aos fármacos, há uma pressão seletiva favorecendo o desenvolvimento de linhagens resistentes. A tuberculose multirresistente é um problema nacional e internacional que traz sérias dificuldades para o controle global da doença. Realizou-se uma revisão sobre os mecanismos moleculares associados à resistência aos fármacos com ênfase nas novas perspectivas para detectar os isolados resistentes.

  13. Control of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis with dicamba and 2,4-D Controle de buva (Conyza bonariensis resistente ao glyphosate com dicamba e 2,4-D

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D.J. Soares

    2012-06-01

    Full Text Available Auxyn type herbicides such as dicamba and 2,4-D are alternative herbicides that can be used to control glyphosate-resistant hairy fleabane. With the forthcoming possibility of releasing dicamba-resistant and 2,4-D-resistant crops, use of these growth regulator herbicides will likely be an alternative that can be applied to the control of glyphosate resistant hairy fleabane (Conyza bonariensis. The objective of this research was to model the efficacy, through dose-response curves, of glyphosate, 2,4-D, isolated dicamba and glyphosatedicamba combinations to control a brazilian hairy fleabane population resistant to glyphosate. The greenhouse dose-response studies were conducted as a completely randomized experimental design, and the rates used for dose response curve construction were 0, 120, 240, 480, 720 and 960 g a.i. ha-1 for 2,4-D, dicamba and the dicamba combination, with glyphosate at 540 g a.e. ha-1. The rates for glyphosate alone were 0, 180, 360, 540, 720 and 960 g a.e. ha-1. Herbicides were applied when the plants were in a vegetative stage with 10 to 12 leaves and height between 12 and 15 cm. Hairy fleabane had low sensitivity to glyphosate, with poor control even at the 960 g a.e. ha-1 rate. Dicamba and 2,4-D were effective in controlling the studied hairy fleabane. Hairy fleabane responds differently to 2,4-D and dicamba. The combination of glyphosate and dicamba was not antagonistic to hairy fleabane control, and glyphosate may cause an additive effect on the control, despite the population resistance.Os herbicidas mimetizadores de auxinas como dicamba e 2,4-D são alternativas para o controle de buva resistente ao glyphosate. Com a possível futura liberação comercial de culturas resistentes ao dicamba e 2,4-D, a aplicação destes herbicidas reguladores de crescimento será uma provável alternativa de controle de buva resistente ao glyphosate. O objetivo desta pesquisa foi modelar por meio de curvas de dose-resposta a efic

  14. Aspectos morfofisiológicos de biótipos de azevém (Lolium multiflorum sensíveis e resistentes ao glyphosate Morphophysiological aspects of ryegrass biotypes (Lolium multiflorum sensitive and resistant to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J Galvan

    2011-01-01

    Full Text Available O azevém é uma gramínea com elevado potencial de infestação em lavouras e pomares, e seu controle com glyphosate tem sido limitado devido à existência de biótipos resistentes a esse herbicida. Objetivou-se comparar quatro biótipos de azevém coletados em diferentes regiões do Rio Grande do Sul, com o intuito de testar a hipótese de que aspectos morfofisiológicos e fenológicos estejam vinculados à resistência. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, onde um biótipo suscetível (B1S, Passo Fundo e três resistentes ao glyphosate (B2R, Santa Maria; B3R, Júlio de Castilhos; e B4R, Vacaria foram colhidos aos 126, 147, 168 e 189 dias de idade. O biótipo B1S mostrou 21 dias de antecipação no florescimento em relação aos demais biótipos. O biótipo B4R produziu significativamente mais folhas (43 por planta, afilhos (14 por planta, espigas (14 por planta, sementes (3.484 por planta e matéria seca total (raízes + parte aérea = 13,8 g por planta. Conclui-se que biótipos sensíveis não podem ser diferidos de biótipos resistentes apenas por aspectos morfológicos relacionados ao vigor.Ryegrass has a high potential for infestation in crops and orchads and its control with glyphosate has been limited due to the existence of herbicide-resistant biotypes. The objective of this work was to compare four ryegrass biotypes collected from different regions in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, to test the hypothesis that morphophysiological aspects and phenology are linked to resistance. The experiment was conducted in a greenhouse, where four biotypes, one susceptible (B1S, Passo Fundo and three resistant to glyphosate (B2R, Santa Maria; B3R, Julio de Castillos; B4R, Vacaria were collected at 126, 147, 168 and 189 days of age. Biotype B1S showed 21 days in advance of flowering in relation to the other biotypes. Biotype B4R produced significantly more leaves (43 per plant, tillers (14 per plant, ears (14 per plant, seeds

  15. Atividade da acetolactato sintase de plantas de milho e de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla resistentes e suscetíveis ao imazaquin ALS activity of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla and corn (Zea mays resistant and susceptible to imazaquin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.F. Oliveira

    2002-04-01

    Full Text Available O amendoim-bravo, (Euphorbia heterophylla é uma importante planta daninha em mais de 56 países, inclusive no Brasil, onde tem sido relatado o aparecimento de populações resistentes aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do herbicida imazaquin na atividade da ALS extraída das plantas de milho e amendoim-bravo, resistentes e suscetíveis ao produto. Sementes de dois genótipos de milho e vários biótipos de amendoim-bravo provenientes de diferentes regiões agrícolas brasileiras foram cultivadas em casa de vegetação por 21 dias. A atividade da ALS extraída das folhas das plantas foi determinada na presença de doses de imazaquin. A etapa de purificação da enzima foi substituída por uma centrifugação de 2.800 rpm por dois minutos. Equações de regressão linear para absorbância em função do log da concentração de imazaquin foram ajustadas para cada população, visando obtenção do I50. A dose de imazaquin necessária para inibir 50% da atividade da ALS (I50 na variedade de milho Pioneer 3162 IR (I50 260 µM foi 4.333 vezes maior que a dose requerida pela BRS 473 (0,06 µM, a qual é suscetível ao imazaquin. Os biótipos de amendoim-bravo provenientes do Rio Grande do Sul apresentaram valores de I50 de 1.961,3 e 13,8 mM para os biótipos resistentes e suscetíveis, respectivamente. Os biótipos provenientes de Cafelândia e Maringá (PR e Viçosa (MG apresentaram valores de I50 maiores que 5.000 mM para os biótipos resistentes e maiores que 1.000 mM para os suscetíveis. O amendoim-bravo coletado na Embrapa Milho e Sorgo, em área que nunca foi tratada com herbicidas inibidores da ALS, apresentou I50 de 12,2 mM. Conclui-se que a medida in vitro da atividade da ALS é um método sensível para determinação da presença de biótipos resistentes à ação do herbicida imazaquin. A etapa de purificação da ALS pode ser substituída por um método que envolve uma r

  16. Inhibición de la expresión del sistema agr de Staphylococcus aureus resistente a meticilina mediante el uso de polifenoles totales de hojas de aguacate mexicano ( Persea americana var. drymifolia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. García-Moreno

    2017-01-01

    Full Text Available Introducción : La resistencia a los antibióticos por parte de las bacterias está provocando gran impacto negativo en la salud humana y en la producción animal. Actualmente, Staphylococcus aureus es considerada dentro de los seis principales grupos bacterianos con mayores reportes de aparición de resistencia a nivel mundial . Por otro lado , durante décadas las plantas de uso medicinal han sido fuente importante de compuestos bactericida s ; sin embargo, también se ha empezado a documentar otras moléculas con otros mecanismos antimicrobianos , como es la inhibici ón de la percepción de quórum ( anti - p ercepción de q u ó rum ( APQ . En la medicina tradicional mexicana las hojas de aguacate mexicano ( Persea americana var drymifolia han sido empleadas para tratar diversos padecimientos que involucran infecciones bacterianas, por lo que es factible contenga compuesto s que pose a n efectos antioxidantes , bactericidas y APQ, que ayuden a combat ir las infecciones de cepas resistentes. De t al manera , que e l objetivo de esta investigación fue determinar el efecto de los polifenoles totales de las hojas de Persea americana var. drymifolia y su actividad APQ sobre cepas de S. aureus resistente s a meticilina (MRSA . Método s : Se obtuvieron l os polifenoles presente s en las hojas de 18 cultivares de aguacate mexicano mediante extracción asistida por ultrasonido y fueron purificados en una columna de amberlita . E stos polifenoles fueron analizados funcionalmente y evaluados contra cepas de S. aureu s MRSA para determinar su efecto APQ sobre el sistema denominado Agr . Resultados : Los polifenoles extraídos de las hojas de aguacate de raza mexicana exhiben una fuerte actividad bactericida . D e los 18 cultivares probados, la variedad María Elena fue la que presentó el mayor efecto , exhibiendo una CMI de 116 μg∙ mL - 1 y un CMB de 133 μg∙ mL - 1 contra la cepa de MRSA μ3 . Sin embargo, también logran inhibir los niveles

  17. Acute bacterial meningitis caused by Streptococcus pneumoniae resistant to the antimicrobian agents and their serotypes Meningite bacteriana aguda por Streptococcus pneumoniae resistente aos antimicrobianos e seus sorotipos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Maciel de Oliveira Rossoni

    2008-09-01

    Full Text Available The main objectives of this study are to evaluate the resistance rates of Streptococcus pneumonia to penicillin G, ceftriaxone and vancomycin in patients with meningitis; to analyze possible risk factors to the antimicrobian resistance; to describe the serotypes detected and to suggest an initial empirical treatment for meningitis. The sensitiveness and serotypes of all isolated S. pneumoniae of patients with acute bacterial meningitis received by the Paraná State Central Laboratory from April 2001 to august 2002 have been evaluated. One hundred S. pneumoniae have been isolated, of which 15% were resistant to penicillin, 1% to cephalosporin and 0% to vancomycin. The serotypes most found were 14 (19%, 3 and 23F (10% each. When only the resistant serotypes were analyzed, the most prevalent was the 14 with 44%. The risk factors found in relation to the S. pneumoniae resistance were: age under one year old (p=0.01 and previous use of antibiotic (p=0.046. The resistance rates found, which were moderate to penicillin, low to cephalosporin and neutral to vancomycin, suggest the isolated use of a 3rd generation cephalosporin as an initial empirical therapy for the treatment of acute bacterial meningitis with a communitarian background.Este estudo teve como objetivo avaliar as taxas de resistência de Streptococcus pneumoniae, isolados de pacientes com meningite, à penicilina G, ceftriaxona e vancomicina; avaliar possíveis fatores de risco para resistência antimicrobiana; descrever os sorotipos encontrados e sugerir a terapêutica empírica inicial para meningite. Foram isoladas 100 amostras de S. pneumoniae, encontrando-se 15% de resistência à penicilina, 1% à cefalosporina e 0% à vancomicina. Os sorotipos mais encontrados foram 14 (19%, 3 e 23F (10% cada. Analisando-se os resistentes, o sorotipo 14 (44% também foi o mais freqüente. Os fatores de risco para resistência de S. pneumoniae encontrados foram: idade menor que um ano (p=0,01 e o uso

  18. Robusta coffee rootstocks resistants to Meloidogyne paranaensis and M. incognita races 1 and 2/ Porta-enxertos de café robusta resistentes aos nematóides Meloidogyne paranaensis e M. incognita raças 1 e 21

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Inês Cristina de Batista Fonseca

    2006-06-01

    Full Text Available The Meloidogyne paranaensis and M. incognita races 1 and 2 are the most pathogenic root knot nematodes of coffee crop in Paraná state, Brazil. The use of susceptible arabica cultivars on resistant rootstock robusta cultivars, especially cultivar Apoatã IAC-2258 of Coffea canephora var. robusta, has been successful, but there are segregations to susceptible ones. The aim of this research was to identify C. canephora var. robusta coffee trees with simultaneous resistance to M. paranaensis, M. incognita races 1 and 2. Twenty-four C. canephora genotypes were evaluated using Taylor´s evaluation method, conducted in randomized blocks design with three replications and 30 plants per plot. The cultivar Mundo Novo IAC 376-4 was used as susceptible standard. The variables evaluated were nematodes incidence and root volume. The resistance levels founded among plants were resistant, moderately resistant and susceptible. Six genotypes of C. canephora var. robusta with simultaneous resistance, probably in homozygous, to M. paranaensis, M. incognita race 1 and M. incognita race 2 were found, all with good root volume. The mother plants of these six better treatments will be vegetatively propagated and used to begin seed production of rootstock cultivars.No Estado do Paraná, os nematóides mais danosos para o café são Meloidogyne paranaensis e M. incognita raças 1 e 2. A enxertia de cultivares suscetíveis de Coffea arabica sobre C. canephora resistentes tem sido bem sucedida, especialmente com o porta-enxerto Apoatã IAC-2258, porém existe segregação para a resistência. O objetivo deste trabalho foi identificar cafeeiros de C. canephora var. robusta com resistência simultânea aos nematóides M. paranaensis e M. incognita raças 1 e 2. Avaliaramse 24 genótipos de C. canephora na metodologia de Taylor, no delineamento em blocos ao acaso com três repetições e parcelas de 30 plantas. Como testemunha suscetível utilizou-se a cultivar Mundo Novo

  19. Produtividade de linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris dos grupos Rosinha e Roxinho resistentes ao fungo da antracnose (Colletotrichum lindemuthianum Productivity of dry bean lines (Phaseolus vulgaris of rosinha and roxinho groups resistant to the anthracnose fungus (Colletotrichum lindemuthianum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Sidney Pompeu

    1980-01-01

    Full Text Available Visando conhecer a capacidade produtiva de linhagens resistentes ao agente da antracnose e pertencentes aos grupos Rosinha e Roxinho, dezesseis ensaios em blocos ao acaso foram instalados em Campinas, no cultivo das águas de 1977 e 1978, tendo como controles 'Rosinha G2' e 'Roxo-Minas', nos respectivos grupos. A análise estatística dos dados obtidos para as linhagens comuns aos ensaios de 1977 e 1978, mostrou que nenhuma do grupo Rosinha foi superior a Rosinha G2, embora produções médias de 1.876, 1.813 e 1.800kg/ha tenham sido observadas na ausência do patógeno, conseguindo o controle 1.533kg/ha. No grupo Roxinho, oito linhagens, com produções médias de 1.490 a 2.027kg/ha, foram superiores às observadas para o controle 'Roxo-Minas', as quais variaram de 880 a 1.367kg/ha, sem que fosse notada a presença do fungo da antracnose. A interação linhagem x ano não foi significativa, não acontecendo o mesmo com o efeito de ano. As melhores linhagens serão incluídas nos ensaios regionais e algumas terão suas sementes aumentadas em quantidade, para posterior distribuição aos agricultores da região de Campinas.Aiming at the knowledge of yielding capacity of dry bean lines resistant to the anthracnose agent and belonging to the Rosinha and Roxinho groups, sixteen trials in randomized complete-block design were carried out in the Main Experimental Station of Campinas in the rainy season of 1977 and 1978, having 'Rosinha G2' and 'Roxo-Minas' as controls. None of the Rosinha lines outyielded 'Rosinha G2', at the 5% level although high mean yields, around 1,830kg/ha, were observed for some of them in the pathogen absence. On the other hand, 8 lines of 'Roxinho' group were superior to the control 'Roxo-Minas' at the 5% level having mean yields ranging from 1,490 to 2,027 kg/ha, without the presence of the pathogen. The interaction line x year was not significant but the year effect was. The best lines will be included in the regional

  20. Identificação de biótipos de azevém (Lolium multiflorum resistentes ao herbicida glyphosate em pomares de maçã Identification of glyphosate-resistant ryegrass (Lolium multiflorum biotypes in apple orchards

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2004-12-01

    Full Text Available O glyphosate é um herbicida de amplo espectro utilizado há mais de 15 anos em pomares de maçã na região de Vacaria-RS, para manejo da vegetação nas linhas da cultura. São realizadas, em geral, três a quatro aplicações por ciclo e a dose normalmente utilizada é de 720 a 1.080 g e.a. ha-1 de glyphosate (2 a 3 L ha-1 do produto comercial. O azevém (Lolium multiflorum é uma planta daninha comum em pomares e, tradicionalmente, sensível ao glyphosate. Entretanto, nos últimos anos a ocorrência de plantas de azevém que, após receberem o tratamento com glyphosate, não manifestam sintomas significativos de toxicidade sugere que elas adquiriram resistência ao produto. Assim, com o objetivo de avaliar a resposta de uma população de plantas de azevém ao glyphosate, foram realizados três experimentos: um em campo e dois em casa de vegetação. No experimento em campo os tratamentos avaliados constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880, 5.760 e 11.520 g e.a. ha-1, e os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop e diclofop foram empregados como produtos-padrão, aplicados em dois estádios vegetativos do azevém. No experimento em casa de vegetação, os tratamentos constaram de doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440, 2.880 e 5.760 g e.a. ha-1 mais os herbicidas testemunhas, aplicados sobre plantas do biótipo considerado resistente e de um sensível. No segundo experimento realizado em casa de vegetação foram avaliados tratamentos contendo glyphosate (720, 1.440, 2.880, 720 + 720 e 720 + 1.440 g e.a. ha-1, em aplicações únicas e seqüenciais, mais os herbicidas paraquat, glufosinate, haloxyfop, clethodim, sethoxydim, diclofop, fenoxaprop, fluazifop, paraquat + diuron, atrazine + simazine, trifluralin e metolachlor. A toxicidade dos tratamentos herbicidas foi avaliada aos 15, 30 e 45 DAT (dias após tratamento. Os resultados obtidos nos experimentos em campo e em casa de vegetação, de forma

  1. Isolation and screening of d-limonene-resistant microorganisms Isolamento e seleção de microrganismos resistentes ao d-Limoneno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Juliano Lemos Bicas

    2007-09-01

    Full Text Available This study reports the isolation of microorganisms that are resistant to environment containing limonene, the most important residue in the citrus industry. For the isolation, samples collected from strategic places of a citrus processing plant (yellow water, entrance and exit of the bagasse tank, effluent and deteriorated fruits found in bins, machine straps, fruit washers and plant floor, some citrus fruit and mint from local market were used. The samples were incubated in rotary shaker at 30ºC/150rpm for 48h or 7 days in YM medium containing 0.1% limonene. Great part of the 112 strains recovered after 48h and the 126 strains recovered after 7 days were identified as Gram positive bacilli, followed by Gram negative bacilli, yeasts and Gram positive cocci, besides five fungi. About half of the Gram positive and Gram negative bacilli and yeasts and some Gram positive Cocci were resistant to limonene concentrations up to 2% in the medium broth. Amongst them seventy were able to grow in mineral medium containing limonene as sole carbon source. The research described in this paper is the initial step for the exploration of flavor compounds production via biotransformation of limonene, a non-expensive by-product of citrus industry.Este estudo relata o isolamento de microrganismos resistentes a ambientes contendo limoneno, o mais importante resíduo da indústria citrícola. Para o isolamento, foram utilizadas amostras colhidas de pontos estratégicos de uma indústria processadora de laranja (água amarela, entrada e saída do tanque de bagaço, efluente e frutas deterioradas encontradas nos bins, nas correias dos equipamentos, nos lavadores e espalhadas pelo chão, além de frutas cítricas e hortelã adquiridas em mercado local. Cada amostra permaneceu incubada a 30ºC/150 rpm por 48h ou 7 dias em meio YM contendo 0,1% de limoneno. Dentre as 112 linhagens obtidas com 48h e as 126 com 7 dias, a grande maioria dos microorganismos isolados foram

  2. Growth and root lignification of susceptible and glyphosate-resistant soybean = Crescimento e lignificação de raízes de soja suscetível e resistente ao glifosato

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia da Costa Zonetti

    2011-04-01

    Full Text Available Glyphosate resistance is conferred to soybean (Glycine max L. Merril by incorporating a gene encoding a glyphosate-insensitive enzyme (CP4-EPSP synthase that acts in the shikimate/chorismate pathway, an important metabolic route in the lignification process. The aim of this work was to investigate the root growth and lignin contents of susceptible (CD 201 and OC 14 and glyphosate-resistant (CD 214RR and CD 213RR soybean cultivars. To this end, three-day-old seedlings were cultivated in half-strength Hoagland nutrient solution (pH 6.0 in a growth chamber (25‹C, 12-h photoperiod, irradiance of 280 ƒÊmol m-2 s-1 for 24 to 96 hours. The results revealed that glyphosate-resistant (CD 213RR and CD 214RR cultivars showed high root growth when compared to the conventional (OC-14 and CD 201 cultivars. CD 213RR showed high root lignin content and reduced root weight compared to the conventional (OC 14 cultivar, although CD 214RR and CD 201 did not follow the same trend. Based on these results, it is possible to conclude that (1 the different form of EPSP synthase encoded in RR soybean may interfere in phenylpropanoid pathway and further in lignin biosynthesis, and (2 other genetic characteristics inherent to each cultivar may affect roots lignincontent in soybean seedlings since lignification in CD 214 RR was not affected of similar manner than cultivar CD 213 RR.A resistencia ao glifosato e conferida a soja (Glycine max L. Merrill pela incorporacao de um gene que codifica a enzima CP4-EPSP sintase, uma variante da EPSP sintase, insensivel ao glifosato, que atua na via do chiquimato/corismato, importante rota metabolica envolvida na lignificacao. O objetivo deste trabalho foi o de investigar o crescimento e os teores de lignina nas raizes de cultivares de soja, suscetiveis (CD 201 e OC 14 e resistentes (CD 214RR e CD 213RR ao glifosato. Para isso, plantulas com tres dias de desenvolvimento foram cultivadas em solucao nutritiva de Hoagland, meia

  3. Conventional versus molecular tests (Multiplex PCR and PCR mecA gene for detection of methicillin resistant Staphylococcus aureus Testes convencionais versus moleculares (Multiplex PCR e PCR gene mecA na detecção de Staphylococcus aureus resistente a meticilina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosineide Marques Ribas

    2003-11-01

    Full Text Available In this study, for detection of methicillin-resistant S. aureus (MRSA, a mecA multiplex PCR-based amplification was compared with the 1 µg oxacillin disk diffusion test, detection of minimal inhibitory concentration (MIC, and screening in agar with 4% NaCl and 6 µg/mL oxacillin. Among 24 isolates obtained from blood, mecA gene was detected in only 16 (66.7% isolates by multiplex PCR. The MIC test showed a range of resistance to oxacillin from 0.19 to 512 µg/mL, among these isolates. Data obtained by screening and dilution tests showed that sensitivity to methicillin was 80.0% and 72.8%, respectively, when compared with the presence of mecA gene (multiplex. All isolates, including the negatives, when revaluated for mecA gene by PCR were positive. beta-lactamase production was positive for 20/25 isolates (80.0%. About ¼ of patients died dispite most of them (83.3% were adequately treated. The simultaneous identification of the bacteria and determination of this susceptibility to antibiotics are necessary for the choice of empiric antibiotic therapy in suspected staphylococcal sepse, but is important to considering the sensibility, specificity and validation of the available kits.Nesse estudo, para detecção de S. aureus resistente à meticilina (MRSA, a amplificação do gene mecA baseada no multiplex PCR foi comparada com os testes de difusão com disco para 1 µg/mL de oxacilina, detecção da concentração inibitória mínima (CIM, meio de triagem com 4% de NaCl e 6 µg/mL de oxacilina. Na investigação de 24 isolados obtidos de sangue, o genótipo mecA foi detectado em apenas 16 (66,7% dos isolados pelo multiplex PCR. A CIM apresentou valores variando de 0,19 a 512 µg/mL entre os isolados de MRSA. Os dados obtidos pelos testes de triagem e diluição em ágar apresentaram sensibilidades de 80,0% e 72,8% respectivamente, quando comparados com a presença do gene mecA (multiplex. Todos os isolados, incluindo os negativos, quando

  4. Chemische bestrijding resistente melganzevoet

    NARCIS (Netherlands)

    Hoek, H.

    2013-01-01

    In Nederland is op sommige percelen in melganzevoet resistentie gevonden tegen middelen met de werkzame stoffen metamitron en metribuzin. In dit onderzoek is nagegaan hoe deze resistente melganzevoet in aardappelen en suikerbieten chemisch goed bestreden kan worden.

  5. Linhagens de alface-crespa para o verão resistentes ao Meloidogyne javanica e ao vírus mosaico-da-alface Lineages of crisp-leaf lettuce for summer cropping resistant to Meloidogyne javanica and to Lettuce mosaic virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rodrigues Silva

    2008-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar famílias F4 de alface, oriundas do cruzamento entre as cultivares Verônica e Salinas 88, para o cultivo no verão, com relação ao tipo de folha, e à resistência ao Lettuce mosaic virus (LMV e ao nematóide-das-galhas Meloidogyne javanica. Primeiramente, avaliaram-se a coloração da folha, tipos de borda e limbo foliares, além da tolerância ao calor no campo, em blocos ao acaso compostos pelas 15 famílias F4 previamente selecionadas, pelas cultivares parentais e pela cultivar testemunha Regina 71 (folhas lisas e tolerante ao calor, com cinco repetições e oito plantas por parcela. Na segunda etapa, as famílias foram avaliadas quanto à resistência ao LMV e ao nematóide-das-galhas, em bandejas de 128 células acondicionadas em estufa. As médias das notas atribuídas a cada família foram comparadas às médias de cada cultivar parental pelo teste de Dunnet (5%. A família AFX007B-140-21, homozigota resistente aos nematóides e ao LMV e, também, tolerante ao calor, foi a mais promissora. O cruzamento entre uma cultivar de folhas crespas e soltas com uma de folhas crespas e repolhuda, pode originar linhagens promissoras tanto de folhas crespas quanto de folhas lisas.The aim of this work was to select F4 lettuce families, derived from the cross 'Veronica' x 'Salinas 88 ', for summer cropping, type of leaves, and for resistance to Meloidogyne javanica and to Lettuce mosaic virus (LMV. First, evaluations were made for leaf colour, leaf limb, border type, and heat tolerance in the field, in a complete blocks desing, in 15 F4 families previously selected, parent cultivars and, as control, the cultivar Regina 71 (butterleaf and tolerant to heat. Five replicates and eight plants per plot were used. As second step, the families were evaluated in greenhouse, in 128-cell expanded polystyrene trays, for resistance to LMV and root-knot nematodes. Score means of each family were compared to the means of

  6. Caracterização anatômica de folhas de cafeeiros resistentes e suscetíveis ao bicho-mineiro Anatomical characterization of leaves from coffee plants resistant and susceptible to leaf miner

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniel Alves Ramiro

    2004-12-01

    Full Text Available O bicho-mineiro, Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville, 1842 (Lepidoptera :Lyonetiidae, é a principal praga da cultura cafeeira, chegando a causar prejuízos superiores a 50% na produção, em virtude da queda prematura das folhas e redução da área fotossintética. O programa de melhoramento genético do cafeeiro do Instituto Agronômico (IAC utiliza a espécie Coffea racemosa como doadora de genes de resistência a L. coffeella para C. arabica. O objetivo deste trabalho foi realizar uma caracterização comparativa do tecido foliar e relacioná-la ao ataque de L. coffeella nas espécies genitoras C. arabica e C. racemosa, e em plantas híbridas oriundas desse cruzamento, com diferentes níveis de resistência, visando fornecer ferramentas para futura identificação dos genes de resistência ao bicho-mineiro. Cortes transversais de folhas foram usados em estudos anatômicos para obter medidas individuais da espessura das cutículas, epidermes, parênquima paliçádico, parênquima lacunoso, espessura total da folha e porcentagem do mesofilo representada pelo parênquima paliçádico. As lesões provocadas pelo inseto foram medidas após um e quatro dias da eclosão das lagartas, em cada um dos tratamentos. Existem diferenças na espessura dos tecidos foliares entre as espécies C. arabica e C. racemosa, porém não houve diferenças entre plantas híbridas resistentes e suscetíveis, sugerindo que as características avaliadas não estão relacionadas ao mecanismo de resistência a L. coffeella. Nas avaliações das lesões, observou-se o crescimento reduzido dos insetos em plantas resistentes, sugerindo que a resistência das plantas se deve à presença de substâncias químicas no parênquima paliçádico.The leaf miner Leucoptera coffeella (Guérin-Méneville, 1842 (Lepidoptera: Lyonetiidae is the major pest of coffee culture, being responsible for significant production losses as result of premature leaf fall, and consequent

  7. Mortalidad de la bacteremia causada por Staphyloccoccus aureus resistente a meticilina en pacientes críticamente enfermos de la red distrital / Methicillin-resistant Staphyloccoccus aureus bacteremia mortality in critically ill patients in the a city healthcare network

    OpenAIRE

    Castillo Londoño, Juan Sebastián

    2011-01-01

    Introducción: La resistencia bacteriana constituye uno de los principales problemas de la atención hospitalaria para el sistema de salud Distrital. La emergencia y diseminación de bacterias resistentes ha mostrado impacto en la morbilidad y mortalidad de los pacientes y en el consumo de recursos económicos. Conocer el fenómeno y sus consecuencias es un paso fundamental para lograr la movilización de los actores implicados en su contención. En nuestro país existe poca informació...

  8. Aplicação de cavacos de titânio para produção de revestimentos resistentes ao desgaste

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Gedael Fagundes Júnior

    2014-09-01

    Full Text Available Equipamentos usados nas usinas sucroalcooleiras e de extração mineral são submetidos a condições severas de desgaste abrasivo. Revestimentos duros são usualmente aplicados para reparar este tipo de dano, sendo bastante empregados consumíveis de soldagem contendo altos teores de cromo e carbono. No presente trabalho visa investigar a microestrutura de revestimentos duros formados com a fusão de cavacos de titânio puro ASTM F67 grau 4, material usado na fabricação de implantes odontológicos. Misturas com diferentes formadores de carbonetos (Fe-Cr e Fe-Nb como aditivos também foram testadas. Revestimentos feitos com duas camadas de cavacos "puros" (Ti, cavacos com Fe-Cr (Ti-Cr e cavacos com Fe-Nb (Ti-Nb foram depositadas sobre peças de aço-carbono por soldagem TIG/GTAW. A microestrutura das camadas foi observada com microscópio óptico e por microscópio eletrônico de varredura equipado com microanálise. A caracterização microestrutural revelou que a distribuição de carbonetos varia significativamente com a natureza química dos aditivos usados. A microanálise mostrou que houve a formação de carbonetos com composição química complexa no seio do metal de solda, cuja estequiometria foi determinada com análise por difração de raios-X. Carbonetos mistos do tipo MC e cementita foram identificados. Os resultados apresentados indicam que a aplicação de cavacos de titânio ASTM F67, como insumo para formação de carbonetos, pode contribuir para melhorar a resistência ao desgaste em comparação aos tradicionais revestimentos duros com carbonetos de cromo.

  9. Competitiveness of ALS inhibitors resistant and susceptible biotypes of Greater Beggarticks (Bidens subalternans Competitividade de biótipos de Picão-Preto (Bidens subalternans Resistente e euscetível aos inibidores da ALS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.P. Lamego

    2011-06-01

    Full Text Available The continuous use of ALS-inhibiting herbicides has led to the evolution of herbicide-resistant weeds worldwide. Greater beggarticks is one of the most troublesome weeds found in the soybean production system in Brazil. Recently, a greater beggarticks biotype that is resistant (R to ALS inhibitors due to Trp574Leu mutation in the ALS gene was identified. Also, the adaptive traits between susceptible (S and R to ALS inhibitors biotypes of greater beggarticks were compared. Specifically, we aimed to: (1 evaluate and compare the relative growth rates (RGR between the biotypes; (2 analyze the seed germination characteristics of R and S biotypes under different temperature conditions; and (3 evaluate their competitive ability in a replacement series study. The experiments were conducted at the University of Arkansas, USA, in 2007 and at Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Federal University of Rio Grande do Sul, Brazil, in 2008. Plant proportions for replacement series studies were respectively 100:0, 75:25, 50:50, 25:75 and 0:100, with a total population of 150 plants m-2. There was no difference in RGR between R and S biotypes. The R-biotype germination rate was lower than that of the S biotype. However, at low temperature conditions (15 ºC, the reverse was observed. In general, there is no difference in the competitive ability between R and S greater beggarticks biotypes.O uso contínuo de herbicidas inibidores da ALS tem levado à evolução de plantas daninhas resistentes mundialmente. Picão-preto é uma das mais importantes plantas daninhas no sistema de produção de soja no Brasil. Recentemente, foi identificado um biótipo de picao-preto resistente (R aos inibidores da ALS devido à mutação Trp574Leu no gene ALS. Também, foram comparadas características adaptativas entre biótipos de picao-preto suscetível (S e R aos inibidores da ALS. Especificamente, os objetivos deste trabalho foram: (1 avaliar e comparar o crescimento

  10. Novas variedades de pimentão resistentes ao mosaico causado por virus Y New lines of sweet pepper resistant to strains of potato Y virus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Nagai

    1971-05-01

    Full Text Available Novas variedades de pimentão denominadas "Agronômico 9" e "Agronômico 10" foram obtidas de cruzamentos múltiplos, em que tomaram parte as variedades de pimentão Casca Dura (Casca Grossa, Mogi das Cruzes, Porto Rico Wonder, Moura, Ikeda, Yolo Wonder e Modestão, além de uma pimenteira P 11 (P.I. 264281. Cada uma dessas variedades contribuiu com respectivos genes de resistência às estirpes Yn, Yw, Yf, Yat do complexo PVY e mais hipersensibilidade ao TMV. "Agronômico 9" produz frutos quadrados (tipo California Wonder e "Agronômico 10" apresenta frutos cônico-alongados (tipo Casca Dura.Breeding work carried out by the writer in the past led to the development of two new sweet pepper varieties, Agronômico 7 (California wonder type and Agronômico 8 (conical fruit, incorporating the high level of resistance to strains of potato Y virus from P 11 (P.I. 264281. The occurrence of a potato Y virus strain (Atibaia - Yat that infected these new pepper types and the fact that their fruit was considered as below the desirable market size led author to continue their improvement. Further breeding work either the two varieties was carried out, as follows: (1 Agronômico 7 was crossed with a California pepper type that has been called Modestão; selection made in advanced generations of this cross resulted in a sweet pepper type with the blocky type of fruit that combines other favorable characteristics of both parents, and has been designated as Agronômico 9; (2 A selection of Agronômico 8, resistant to the Yat strain, was crossed, with Ikeda, a variety that is tolerant to the virus and has larger fruit than the other parent. Selection in advanced generations of this cross led to Agronômico 10, that has conical fruit of a size comparable to that of Ikeda, and the very high level of resistance to potato Y virus of P 11. Agronômico 9 and 10 are being tested on a large scale at present and scheduled to be released in the future.

  11. Competição entre soja resistente ao glyphosate e plantas daninhas em solo compactado Competition between glyphosate resistant soybean and weeds in compacted soil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.B. Santos

    2008-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar a competição entre a soja (var. BRS 243 RR e as plantas daninhas Bidens pilosa e Brachiaria brizantha, em diferentes níveis de compactação do solo. Para isso, foram confeccionadas colunas de PVC (10 cm de diâmetro com três anéis: superior (com 5 cm de altura e densidade de 1,2 kg dm-3, intermediário (com 10 cm de altura e densidade variando entre 1,0 e 1,6 kg dm-3, conforme tratamento e inferior (com 10 cm de altura e densidade de 1,2 kg dm-3. Sobre as colunas foram realizados cinco cultivos: soja, B. pilosa, B. brizantha, soja e B. pilosa e soja e B. brizantha, em esquema fatorial com as densidades, perfazendo um total de 20 tratamentos. Aos 30 dias após emergência da soja, foram avaliadas a altura, a massa seca de folhas, de caule e de raízes (em cada anel, separadamente, a área foliar e a área foliar específica. Observou-se que B. brizantha foi mais competitiva que B. pilosa; contudo, esta última possui maior capacidade de exploração radicular em solos com maior nível de compactação, indicando maior adaptabilidade a condições como déficit hídrico e escassez de nutrientes. Considerando a capacidade competitiva da soja sobre as plantas daninhas, maiores níveis de compactação favorecem a cultura, em relação a B. pilosa.This work aimed to evaluate competition between soybean (BRS 243 RR and the weeds Bidens pilosa and Brachiaria brizantha, in soil with simulated compactation. Thus columns of PVC tubes (10 cm of diameter were made with three rings (superior (5 cm high and 1.2 kg dm-3 density; intermediate (10 cm high and around 1.0 and 1.6 kg dm-3 density and inferior (10 cm high and 1.2 kg dm-3 density. Five crops, soybean, B. pilosa, B. brizantha, soybean and B. pilosa, and soybean and B. brizantha, were cultivated on the columns in a factorial scheme with the densities, totaling 20 treatments. At 30 days after soybean emergence, height leaf, stem and root dry matter, leaf area

  12. Cambios a lo largo del tiempo en la distribución de los complejos de clones dominantes de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina en Medellín, Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana M. Ocampo

    2014-04-01

    Full Text Available Introducción. Parte del éxito de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SARM como patógeno se debe a la rápida diseminación de linajes pandémicos con perfiles variables de virulencia y sensibilidad antimicrobiana. En Colombia se han identificado clones asociados al hospital como el pediátrico (CC5-ST5-SCCmecIV, el brasilero (CC8-ST239-SCCmecIII y el chileno/cordobés (CC5-ST5-SCCmecI. Asimismo, se describió el USA300 (CC8-ST8-SCCmecIV, tradicionalmente asociado a la comunidad, causante de infecciones hospitalarias. Objetivo. Describir el comportamiento en el tiempo de los clones de SARM provenientes de un hospital universitario de Medellín en aislamientos recolectados con una década de diferencia. Materiales y métodos. Se analizaron 398 aislamientos de SARM, 67 recolectados en 1994 y 331 recolectados entre 2008 y 2010. La identificación y la sensibilidad a la meticilina se confirmaron mediante los genes nuc y mecA. La caracterización molecular incluyó la tipificación de spa, SCCmec, la electroforesis en gel de campo pulsado (Pulsed Field Gel Electrophoresis, PFGE, y la tipificación por secuenciación de locus múltiples (Multilocus Sequence Typing, MLST. Resultados. Al analizar los aislamientos de SARM de 1994 se encontró que pertenecían a un único linaje, el CC5-SCCmecIV, mientras que los aislamientos de 2008 a 2010 presentaron dos linajes dominantes: el CC8-SCCmecIVc, con cepas de los tipos spa t008 y t1610, estrechamente relacionadas con el clon USA 300, y el CC5-SCCmecI, con las de tipo spa t149, relacionadas con el clon chileno; no se detectaron cepas del linaje encontrado en 1994. Conclusiones. En este estudio se demuestra una dinámica en el tiempo de las cepas de S. aureus, y se señala la importancia de la vigilancia local y la difusión de los resultados, sobre todo en países como el nuestro, donde SARM es prevalente y la comprensión de su epidemiología es limitada.

  13. Composição química da cera epicuticular de biótipos de azevém resistente e suscetível ao glyphosate Chemical composition of the epicuticular wax of Italian ryegrass biotypes resistant and susceptible to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.A. Guimarães

    2009-03-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho determinar a composição química da cera epicuticular dos biótipos de azevém (Lolium multiflorum resistente e suscetível ao glyphosate, buscando relações entre suas características e a resistência dos biótipos ao herbicida. A cera epicuticular foi extraída e quantificada e os seus constituintes analisados por cromatografia em fase gasosa, acoplada a espectrômetro de massa (CG-EM. Para determinação da composição química, amostras de lâmina foliar foram retiradas 30 dias após a emergência das plantas, coletando-se a primeira folha com lígula totalmente visível. A quantidade de cera epicuticular extraída não diferiu entre os biótipos. Entre os compostos que constituem a cera epicuticular, os álcoois são os mais abundantes, sendo representados por apenas um composto: o hexacosan-1-ol (46,80% no biótipo resistente e 52,20% no biótipo suscetível. Ao comparar a polaridade da cera epicuticular dos biótipos de azevém, constatou-se que tanto no biótipo resistente quanto no suscetível a cera epicuticular apresentou mais de 50% de componentes polares (álcoois e aldeídos em sua constituição, sendo esse valor igual a 69,80% no biótipo resistente e 64,94% no biótipo suscetível. Por meio da caracterização apresentada, pode-se afirmar que existem pequenas diferenças na cera epicuticular dos biótipos de azevém resistente e suscetível ao glyphosate; o biótipo resistente apresentou grau de polaridade pouco superior ao do biótipo suscetível, porém essa diferença não pode ser considerada marcante a ponto de determinar maior ou menor tolerância de um biótipo ou outro ao herbicida glyphosate.The objective of this work was to determine the chemical composition of epicuticular wax of Italian ryegrass (Lolium multiflorum biotypes resistant and susceptible to glyphosate, searching for relationships between their characteristics and the resistance of the biotypes to the product. The

  14. Alternativas de manejo químico da planta daninha Digitaria ciliaris resistente aos herbicidas inibidores da ACCase na cultura de soja Chemical management alternatives of the weed Digitaria ciliaris resistant to ACCASE inhibiting herbicides in soybean crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-06-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar a eficácia dos herbicidas inibidores da ACCase sobre uma população de capim-colchão (Digitaria ciliaris com histórico de falha de controle, bem como propor herbicidas alternativos a serem aplicados em condições de pré e pós-emergência na cultura de soja, foram conduzidos dois experimentos a campo no município de Palmeira-PR, durante o ano agrícola 2003/2004. No primeiro experimento, foi avaliada a eficácia dos tratamentos envolvendo herbicidas com mecanismo de ação de inibição da ACCase (g ha-1: sethoxydim (230, clethodim (108, butroxydim (75, tepraloxydim (100, fluazifop-p-butil (187,5, haloxyfop-r (60, propaquizafop (125, cyhalofop-butyl (225, fenoxaprop-p-ethyl + clethodim (50 + 50, além de testemunha sem herbicidas. No segundo experimento, os tratamentos constaram de herbicidas com mecanismos de ação alternativos, visando também o teste de eficácia de controle da planta daninha (g ha-1: trifluralina (2.700, clomazone (1.000, smetolachlor (1.920, sulfentrazone (600, trifluralina + sulfentrazone (2.100 + 400, clomazone + sulfentrazone (600 + 400, S-metolachlor + sulfentrazone (768 + 400 aplicados em condições de pré-emergência da planta daninha e da cultura e testemunha sem controle de plantas daninhas; os tratamentos apresentavam-se com ou sem complementação de controle através do herbicida imazethapyr (100, aplicado em condições de pós-emergência, com as plantas daninhas no estádio de duas a quatro folhas. Os resultados sugerem que a população estudada é resistente aos herbicidas inibidores da ACCase; os melhores resultados de eficácia de controle com os inibidores da ACCase foram obtidos com os herbicidas tepraloxydim, clethodim e butroxydim; os tratamentos com sulfentrazone isoladamente ou em mistura e os tratamentos com trifluralina, clomazone e S-metolachlor, em complementação com imazethapyr e imazethapyr isolado, foram eficazes no controle do biótipo resistente de

  15. Manejo de Conyza bonariensis resistente ao glyphosate: coberturas de inverno e herbicidas em pré-semeadura da soja Management of glyphosate resistant Conyza bonariensis: winter cover crops and herbicides in soybean pre-seeding

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    F.P. Lamego

    2013-06-01

    Full Text Available Conyza bonariensis tornou-se a principal planta daninha da cultura da soja no Sul do Brasil, em decorrência da evolução para resistência ao herbicida glyphosate. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes coberturas de inverno e da associação de manejo de dessecação pré-semeadura da soja, visando ao controle de C. bonariensis resistente ao glyphosate. Um experimento foi conduzido em campo, na safra 2010/2011. Os tratamentos foram conduzidos em esquema de parcelas subdivididas, em que as coberturas de inverno foram alocadas nas parcelas principais: aveia-preta, nabo, ervilhaca, azevém, trigo e pousio. Nas subparcelas, foram alocados os tratamentos de manejo de dessecação pré-semeadura da soja: glyphosate (720 g e.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + 2,4-D (1.050 g e.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + 2,4-D (1.050 g e.a ha-1/paraquat (200 g i.a ha-1 + diuron (100 g i.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + chlorimuron-ethyl (80 g i.a ha-1, glyphosate (720 g e.a ha-1 + chlorimuron-ethyl (80 g i.a ha-1/paraquat (200 g i.a ha-1 + diuron (100 g i.a ha‑1 e roçada. O nabo foi a espécie de cobertura que produziu o maior volume de massa seca durante o inverno, enquanto a ervilhaca foi a que apresentou maior efeito supressor sobre a germinação e o desenvolvimento inicial de C. bonariensis. Associações de glyphosate com 2,4-D ou chlorimuron-ethyl, seguidas da aplicação sequencial de paraquat + diuron, causaram maior redução na infestação de C. bonariensis.Conyza bonariensis became the main weed in soybean crop in Southern Brazil, as a consequence of the evolution of resistance to the herbicide glyphosate. The objective of this work was to evaluate the effect of different winter cover crops and the association of burn-down herbicides on the control of glyphosate-resistant C. bonariensis. A field experiment was conducted in the 2010/2011 season. The treatments were arranged in a split-plot scheme, with the winter

  16. Root growth and lignification of glyphosate susceptible and resistant soybean at low temperaturesCrescimento e lignificação de raízes de soja convencional e resistente ao glifosato, em baixa temperatura

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patricia da Costa Zonetti

    2013-05-01

    Full Text Available Low temperature stress affects plant growth, including primary and secondary metabolism. Glyphosateresistant soybean contains a modified DNA, which encodes a different type of secondary metabolism enzyme related to lignin synthesis compared to conventional glyphosate-susceptible cultivars. Thus, this soybean cultivar might respond differently to low temperatures, compared to glyphosate-susceptible cultivars. This work aimed to investigate how decreasing temperatures influence the growth and lignin content of the glyphosate-resistant soybean compared to its susceptible parental cultivars. Three-day-old seedlings were cultivated in nutrient solution at 10, 15, 20, and 25°C (±2°C, using a 12-h photoperiod. After 96 h, taproot growth, fresh and dry biomass, and lignin levels were determined. The results indicate that lower temperatures decreased seedling and root growth in both types of cultivars; however, glyphosate-resistant soybean exhibited greater root length, biomass, and lignin content compared to the glyphosate-susceptible parental cultivar. O estresse causado pela baixa temperatura, dentre outras implicações, afeta o crescimento do vegetal assim como o seu metabolismo secundário. Pelo fato da soja RR apresentar variante enzimática de uma das principais vias do metabolismo secundário, ligada à síntese de lignina, pode apresentar comportamento diferenciado, sob baixa temperatura, se comparada com sua linhagem parental. O objetivo deste trabalho foi investigar possíveis diferenças no crescimento e nos conteúdos de lignina nas raízes de soja cultivar transgênica resistente ao glifosato e cultivar parental em resposta a redução de temperatura. Após três dias de germinação das sementes, as plântulas foram mantidas em solução nutritiva, a 10, 15, 20 e 25°C (±2°C, com fotoperíodo de 12 horas. Após 96 horas, foi avaliado o comprimento relativo da raiz primária, biomassa fresca e seca das raízes e os teores de lignina

  17. Competition effects with mixed stands of wheat and kochia (Kochia scoparia biotypes resistant and susceptible to acetolactase synthase inhibitor herbicides Efeitos competitivos da mistura de stands de trigo e biotipos de kochia (Kochia scoparia resistentes e susceptíveis aos herbicidas inibidores da acetolactase sintase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    1994-08-01

    Full Text Available Greenhouse experiments were conducted to compare the competitive ability of sulfonylurea resistant and susceptible kochia (Kochia scoparia L. Schard compared to wheat. The results of several replacement series experiments indicate that wheat was the dominant competitor, and an average of one wheat plant reduced resistant kochia yield per plant equal to the effect of 4.8 resistant kochia or 5.4 susceptible kochia plants. Intraspeciflc competition was more important than interspecific competition for wheat, whereas the reverse was true for the resistant and susceptible kochia. The results of the niche differentiation index (NDI indicate that wheat and either resistant or susceptible kochia are only partly limited by the same resources. The resistant and susceptible kochia, however, are limited by the same resources.Experimentos foram instalados em condições de casa-de-vegetação com o objetivo de comparar a capacidade competitiva de biotipos resistentes e suscetíveis aos herbicidas inibidores da enzima acetolactase synthase da planta daninha kochia (Kochia scoparia L. Schard comparada com trigo. Os resultados de diversos experimentos, utilizando a metodologia chamada de substitutiva, indicaram que o trigo foi o competidor dominante, e em média uma planta de trigo reduziu o crescimento da planta de kochia resistente igual ao efeito de 4,8 plantas de kochia resistente ou 5,4 plantas de kochia suscetível. A competição chamada de intraespecífíca foi mais importante que a competição interespecífica para o trigo, porém o inverso foi verdadeiro para os biotípos resistentes e susceptíveis de kochia. Os resultados do índice de diferenciação ecológica indicaram que trigo e qualquer um dos dois biotípos de kochia estudados foram limitados apenas parcialmente pelos mesmos recursos de crescimento. No entanto, o crescimento dos biotípos resistentes e susceptíveis de kochia foram limitados pelos mesmos fatores de crescimento.

  18. Potencial de compostos fenólicos como antimicrobianos e/ou moduladores da resistência em Staphylococcus aureus

    OpenAIRE

    Silva, Helena Taina Diniz

    2015-01-01

    Os compostos fenólicos constituem uma das principais classes de metabólitos secundários de plantas, sintetizados para a defesa vegetal e adaptação ao estresse ambiental. Estão subdivididos em três grupos: ácidos fenólicos, flavonoides e taninos. Têm sido propostos como tendo uma variedade de efeitos biológicos na saúde humana e sobre microrganismos como S. aureus. Casos de infecções provocadas por cepas de S. aureus multi droga resistentes (MDR) têm aumentando ao longo dos anos...

  19. Avaliação da produtividade de linhagens de feijoeiro resistentes ao fungo da antracnose Productivity of dry bean lines (Phaseolus vulgaris resistant to the anthracnose fungus (Colletotrichum lindemuthianum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Antonio Sidney Pompeu

    1982-01-01

    Full Text Available A capacidade produtiva de linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris resistentes ao fungo da antracnose (Colletotrichum lindemuthianum pertencentes aos grupos Preto, Chumbinho e Diversas, foi estimada em experimentos em blocos ao acaso, instalados em Campinas, no cultivo das águas de 1977, 1978 e 1979. Utilizaram-se os cultivares Moruna, Aroana e Carioca como controles para as linhagens dos grupos Preto, Chumbinho e Diversos respectivamente. Pela análise estatística dos dados obtidos pelas linhagens do grupo Preto, comuns aos ensaios de 1977 e 1978, 1978 e 1979, observou-se que as de prefixos 5-9-4-3-1-4, 5-9-4-3-1-5, 18-1-6 e 5-9-4-3-1-6, com médias de 2.100, 2.079, 2.055 e 2.028kg/ha, foram superiores ao 'Moruna', que produziu 1.580kg/ha. No grupo Chumbinho, cujas linhagens foram avaliadas em 1978 e 1979, a de prefixo 5-1-1-5-1-9, com 2.336kg/ha, destacou-se das demais, embora esta produtividade média estivesse ao mesmo nível, estatisticamente, da verificada para o 'Aroana', 2.136kg/ha. Para as linhagens do grupo Diversos, estudadas em 1978 e 1979, apenas 10-3-1 e 10-6-2, com produções médias de 3.133 e 2.823kg/ha, foram superiores, respectivamente, a 2.375 e 2.355kg/ha, observadas para o 'Carioca'. Outras linhagens deste grupo tiveram médias acima do controle, como 10-9-2, 10-9-1 e 10-5-1, com 2.698, 2.686 e 2.649kg/ha (Carioca - 2.355kg/ha na ausência do patógeno. Nas análises conjuntas foram notados efeitos significativos para ano em onze dos doze grupos de experimentos e em apenas dois para a interação tratamento x ano. As melhores linhagens serão colocadas nos ensaios regionais e algumas terão suas sementes aumentadas e colocadas à disposição dos agricultores da região de Campinas.With the objective of knowing the yielding ability of dry bean lines of Preto, Diversos and Chumbinho groups resistant to the anthracnose agent, trials in randomized complete-block design were carried out in the Main Experimental Station of

  20. Staphylococcus aureus resistente a meticilina causante de infecciones comunitarias y de infecciones asociadas a la atención en salud en pacientes pediátricos del Hospital Universitario de Santander

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mayra Alejandra Machuca

    2014-04-01

    Full Text Available Introducción. Staphylococcus aureus resistente a la meticilina (SARM es un agente frecuente de infección en la población pediátrica. Aunque inicialmente las cepas de SARM estaban restringidas a los hospitales, se han reportado a nivel mundial brotes de infección por SARM en individuos sin factores de riesgo y, actualmente, SARM es una causa frecuente de infecciones hospitalarias y comunitarias. Objetivo. Describir la relación entre las características moleculares de aislamientos de SARM (casete cromosómico estafilocócico mec SCCmec y leucocidina Panton-Valentine y el origen de la infección y su presentación clínica en pacientes pediátricos del Hospital Universitario de Santander en Bucaramanga, Colombia. Materiales y métodos. Se incluyeron 43 aislamientos de SARM obtenidos de niños hospitalizados. La clasificación del SCCmec (I-V y la subclasificación del SCCmec-IV se realizaron en todos los aislamientos. Además, los genes de la leucocidina Panton-Valentine se detectaron mediante amplificación por PCR. Las características moleculares fueron asociadas con las características clínicas de cada paciente. Resultados. Entre los 43 SARM tipificados, el SCCmec-IVc fue el más frecuente con 77 %, seguido por el SCCmec-I con 16 % y el SCCmec-IVa con 2 %. Tres aislamientos no pudieron ser tipificados. Los genes de la leucocidina Panton Valentine se detectaron en 88 % de los SARM en aislamientos portadores del SCCmec-IVc/IVa y el SCCmec-I. Los SARM SCCmec-IV positivos para la leucocidina Panton-Valentine se asociaron con infecciones adquiridas en la comunidad (47 % y en el hospital (53 % con compromiso de piel y tejidos blandos, y en los casos más graves, con compromiso osteoarticular. Conclusiones. Estos resultados sugieren la presencia de cepas SARM-CO (SCCmec-IV positiva para PVL causantes de infecciones adquiridas en la comunidad y en el medio hospitalario en pacientes pediátricos en Colombia.

  1. Evaluación de cuatro métodos para la detección de Staphylococcus aureus meticilino-resistente de muestras clínicas en un hospital regional Evaluation of four methods for detecting methicillin-resistant Staphylococcus aureus isolates from clinical specimens at a regional hospital in Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gabriel Acosta-Pérez

    2012-02-01

    Full Text Available OBJETIVO: Investigar la prevalencia de Staphylococcus aureus meticilino-resistente (MRSA en aislados clínicos y determinar la concordancia entre los métodos de detección de MRSA en un laboratorio con recursos y personal limitado. MATERIAL Y MÉTODOS: Se analizaron 140 cepas de Staphylococcus aureus aisladas de muestras clínicas de diferentes departamentos mediante pruebas convencionales: producción de β-lactamasa, sensibilidad a oxacilina con MIC-Vitek 2-XL, ChromID MRSA, difusión en agar para discos de 30 μg de cefoxitina, detección de PBP2a y PCR para el gen mecA. Se determinó el índice kappa de Cohen, para evaluar la concordancia entre los diferentes métodos utilizados. RESULTADOS: La prevalencia encontrada fue de 90.7%. La sensibilidad y especificidad para los diferentes métodos de detección fue: difusión en disco para cefoxitina 97 y 92% respectivamente, MIC Vitek 2-XL 97 y 69%, ChromoID MRSA 97 y 85% y detección de PBP2a 98 y 100%. CONCLUSIONES: Todos los métodos son muy buenos para la detección de MRSA; la elección en el uso de cada método dependerá de la infraestructura de cada laboratorio.OBJETIVE: To estimate the prevalence of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA in clinical isolates and to compare different methods for detection of MRSA in a lab with limited available personnel and resources. MATERIAL AND METHODS: 140 Staphylococcus aureus strains isolated from patients in several departments were assayed for β-lactamase production, MIC-Vitek 2 oxacillin, ChromID MRSA, disk diffusion in agar for cefoxitin 30 μg and PBP2a detection. The results of conventional tests were compared with the "gold standard" PCR test for mecA gene. Cohen´s kappa index was also calculated in order to evaluate the intra assay agreement between the used methods. RESULTS: The found prevalence was 90.7%. Sensitivity and specificity were: disk diffusion for cefoxitin 97 and 92% respectively, MIC Vitek 2-XL 97 and 69%, Chromo

  2. A field survey of crop management practices and distribution of ALS resistant Euphorbia heterophylla in two states in southern Brazil Avaliação das práticas de manejo das lavouras e da distribuição geográfica de Euphorbia heterophylla resistente aos inibidores de als em dois estados do sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2004-09-01

    Full Text Available Herbicide resistance was reported in Brazil almost ten years ago. One of the main weeds with herbicide resistance is wild poinsettia (Euphorbia heterophylla. This work evaluates the distribution of ALS-resistant E. heterophylla in two states in southern Brazil and determines the major contributing management causes for weed resistance selection in the area. E. heterophylla seeds from 148 sites located in Paraná and Rio Grande do Sul were sampled during 2001 and 2002. Farmers provided specific site data for weed control, tillage system, crop rotation and harvesting operations during previous years. ALS resistant E. heterophylla biotypes were found widely distributed in the survey area. Data analysis suggests seed dissemination is unlikely to explain the widespread distribution of resistance. The most probable factor for the selection of the resistant E. heterophylla is the persistent high use of ALS-inhibiting herbicides over time. Indirect evidence is presented demonstrating the need to educate legislators and farmers about the importance of herbicide mixtures as a strategy to prevent herbicide resistance.A resistência aos herbicidas foi relatada no Brasil há quase uma década. Uma das principais plantas daninhas com resistência aos herbicidas é a leiteira (Euphorbia heterophylla. Este trabalho foi planejado para avaliar a distribuição geográfica de E. heterophylla resistente aos herbicidas nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul e para obter dados que identificassem os principais fatores de manejo associados à seleção de biótipos resistentes na área. Sementes de E. heterophylla de 148 locais foram coletadas nos anos de 2001 e 2002. Em cada local, os agricultores informaram os procedimentos relativos a controle de plantas daninhas, sistema de preparo do solo, rotação de culturas e colheita. Este trabalho demonstrou que biótipos resistentes aos herbicidas inibidores da ALS estão amplamente distribuídos na região amostrada. A

  3. In vitro anti-staphylococcal activity of Hyptis martiusii Benth against methicillin-resistant Staphylococcus aureus: MRSA strains Atividade anti-estafilocócica in vitro de Hyptis martiusii Benth contra linhagens de Staphylococcus aureus resistentes à meticilina: MRSA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Henrique D. M. Coutinho

    2008-12-01

    Full Text Available This is the first report about the antibacterial activity of Hyptis martiusii Benth. In this study the ethanol extract of H. martiusii was tested for its antimicrobial activity against strains of Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa and Staphylococcus aureus. The growth of all bacterial strains tested was inhibited by the extract. The diameter of inhibition zones varied from 13 to 20 mm for the extract. The MIC and MBC values ranged from 128 to > 1024mg/mL and 256 to > 1024 mg/mL, respectively. It is therefore suggested that extracts from H. martiusii could be used as an anti-Staphylococcus agent. Compared with methicillin and gentamicin, the extract was more effective, being a promising antibacterial agent.Este é o primeiro relato de atividade antibacteriana de Hyptis martiusii Benth. Neste estudo, o extrato etanólico de H. martiusii foi avaliado para atividade antimicrobiana contra linhagens de Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus. O crescimento de todas as bactérias testadas foi inibido pelo extrato. O diâmetro das zonas de inibição variaram de 13 - 20 mm. Os valores da CIM e CBM variaram de 128 a > 1024 mg/mL e 256 a > 1024 mg/mL, respectivamente. Devido a isso, podemos indicar que o extrato etanólico de H. martiusii pode ser usado como um agente anti-Staphylococcus. Quando comparado com outros antibióticos como meticilina e gentamicina, o extrato foi mais efetivo, demonstrando ser um promissor agente antibacteriano.

  4. A case of familial transmission of community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus carrying the lnu(A gene in Santa Fe city, Argentina Caso de transmisión familiar de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad portador del gen lnu(A en la ciudad de Santa Fe, Argentina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilce de los A Méndez

    2012-12-01

    Full Text Available Community-acquired methicillin-resistant Staphylococcus aureus (CA-MRSA is increasingly recognized as an important pathogen causing skin and soft tissue infections as well as necrotizing pneumonia. We describe a case of familial transmission of CA-MRSA between a 6-month-old boy and his mother in Santa Fe City, Argentina. Both isolates showed an identical antimicrobial susceptibility profile, carried type IV SCCmec and harboured the pvl and the lnu(A genes. Isolates showed indistinguishable SmaI-PFGE patterns confirming their genetic relationship. These results corroborate the intrafamilial transmission of CA-MRSA and might associate this strain with the repetitive events of furunculosis within the family.Staphylococcus aureus resistente a la meticilina adquirido en la comunidad (SARM-AC es reconocido como un patógeno importante que causa infecciones de piel y partes blandas y neumonía necrotizante. Describimos un caso de transmisión familiar de SARM-AC entre un nino de 6 meses de edad y su madre en la ciudad de Santa Fe, Argentina. Ambos aislamientos mostraron idéntico perfil de sensibilidad a los antimicrobianos, tenían el SCCmec tipo IV, y contenían los genes pvl y lnu(A. Los aislamientos presentaron patrones de SmaI-PFGE indistinguibles entre sí, lo cual confirmó su relación genética. Estos resultados corroboran la transmisión intrafamiliar de SARM-AC; asimismo, este aislamiento podría asociarse con los eventos repetitivos de furunculosis en la familia.

  5. [Strategy to control methicillin-resistant Staphylococcus aureus: the 5 year experience of a hospital].

    Science.gov (United States)

    Peres, David; Neves, Isabel; Vieira, Fernanda; Devesa, Ilda

    2014-01-01

    Introdução: O Staphylococcus aureus resistente à meticilina é um dos microrganismos multirresistentes mais frequentemente implicados em infeções associadas a cuidados de saúde. Definiu-se como objetivo implementar uma estratégia multimodal para controlar este microrganismo num hospital.Material e Métodos: Procedimento baseado em rastreio ativo e medidas de isolamento numa população selecionada (doentes provenientes de outras instituições de saúde e lares ou com historial de internamento/ staphylococcus aureus resistente à meticilina; doentes dos cuidados intensivos e intermédios e, nos restantes serviços, rastreio aos contactos diretos se detetado um novo caso de staphylococcus aureus resistente à meticilina e, desde 2012, hemodialisados). Outras ações paralelas: (1) revisão das normas Precauções Básicas e Isolamento; (2) reforço dos pontos de desinfeção alcoólica das mãos; (3) sessões de esclarecimento aos profissionais de saúde; (4) folha ‘Alerta de staphylococcus aureus resistente à meticilina’ no processo dos doentes; (5) panfleto de informação aos doentes/ visitas; (6) monitorização do procedimento através de auditoria e (7) descolonização de doentes nos cuidados intensivos e intermédios, com rastreios de follow-up.Resultados: Entre 2007 e 2012 registou-se um decréscimo da proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina de 66% para 57% e da densidade de incidência de 1,80 para 0,68 casos por mil dias de internamento (p < 0,001; RR 0,38; IC95%: 0,29-0,49).Discussão/Conclusão: De acordo com dados europeus publicados, referentes a isolados no sangue e líquor, Portugal foi o país com maior proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina em 2011. Utilizando este critério de inclusão, o nosso hospital revelou uma proporção de staphylococcus aureus resistente à meticilina inferior à média nacional (34% versus 55%). A estratégia multimodal demonstrou ser eficaz na diminuição dos

  6. CARACTERIZAÇÃO MORFOANATÔMICA, CONTAGEM CROMOSSÔMICA E VIABILIDADE POLÍNICA DE BIÓTIPOS DE AZEVÉM SUSCETÍVEL E RESISTENTES AO HERBICIDA GLYPHOSATE

    OpenAIRE

    Ruchel,Q.; Vargas, L.; D. Agostinetto; FERNANDO,J. A.; Lüdtke, R; BOBROWSKI,V. L.

    2015-01-01

    RESUMOO azevém é uma planta daninha de ciclo anual, encontrada em praticamente todas as lavouras de inverno, em pomares e vinhedos da região Sul do Brasil. A espécie é normalmente controlada pelo herbicida glyphosate, no entanto, o uso continuado desse produto selecionou biótipos resistentes. Diferenças na suscetibilidade do azevém a herbicidas têm sido atribuídas a características morfológicas, anatômicas e genéticas das plantas. Os objetivos deste trabalho foram realizar a caracterização mo...

  7. High prevalence of methicillin-resistant Staphylococcus aureus with SCCmec type III in cystic fibrosis patients in southern, Brazil Alta prevalência de Staphylococcus aureus resistente à meticilina com SCCmec tipo III em pacientes com fibrose cística no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Keli Cristine Reiter

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUCTION: Bacterial colonization of the lungs is the main cause of morbidity in cystic fibrosis (CF. Pathogens such as Staphylococcus aureus are very well adapted to the pulmonary environment and may persist for years in the same patient. Genetic determinants of these bacteria, such as the presence of SCCmec have recently emerged as a problem in this population of patients. METHODS: Staphylococcus aureus isolates obtained from different clinical materials coming from CF and non-CF patients attended at a cystic fibrosis reference hospital were compared according to SCCmec type and antibiotic susceptibility profile. RESULTS: Three hundred and sixty-four single-patient Staphylococcus aureus isolates were collected, of which 164 (45% were from CF patients. Among the latter, 57/164 (44.5% were MRSA, and among the non-CF patients, 89/200 (35% were MRSA. Associated pathogens were found in 38 CF patients. All 57 MRSA from CF patients harbored the multiresistant cassette type III. In contrast, 31/89 MRSA from non-CF patients harbored SCCmec type I (35% and 44/89 harbored type III (49%. The antibiotic susceptibility pattern was similar between CF and non-CF patients. CONCLUSIONS: The high prevalence of multiresistant SCCmec type III among CF patients compared with non-CF patients in our institution may make it difficult to control disease progression through antibiotic therapy for promoting the survival of this kind of patient.INTRODUÇÃO: Colonização pulmonar bacteriana é a principal causa de morbidade em fibrose cística (FC. Patógenos como Staphylococcus aureus são muito bem adaptados ao ambiente pulmonar e podem persistir por anos no mesmo paciente. Determinantes genéticos desta bactéria, como presença de SCCmec emergiram recentemente como um problema nesta população de pacientes. MÉTODOS: Foram comparados isolados de Staphylococcus aureus obtidos de diferentes materiais clínicos, de pacientes com e sem FC atendidos em um hospital de

  8. Staphylococcus aureus detection in the mouth of housekeepers Detección de Staphylococcus aureus en la boca de trabajadores de la limpieza hospitalaria Detecção de Staphylococcus aureus na boca de trabalhadores da limpeza hospitalar

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elaine Drehmer de Almeida Cruz

    2011-02-01

    ção por Staphylococcus aureus em trabalhadores de limpeza hospitalar, e seu conhecimento e crenças acerca da problemática. Foram coletadas três amostras de saliva e aplicado questionário referente ao conhecimento e crenças. De 92 trabalhadores, 63 (68,5% participaram do estudo; 20 apresentaram-se não colonizados e 43 colonizados; 13 para Staphylococcus aureus resistente à meticilina e 30 para Staphylococcus aureus sensível à meticilina. O estado de carreador persistente por Staphylococcus aureus, resistente à meticilina, foi detectado em 15,4% dos casos. Baixo conhecimento e percepção do risco ocupacional foram observados. A boca foi identificada como importante reservatório de Staphylococcus aureus resistente à meticilina. Analisar o conhecimento e crenças, juntamente à investigação do estado de carreador, é importante estratégia a ser agregada às ações educativas para a prevenção da colonização de trabalhadores.

  9. Colonization of nursing professionals by Staphylococcus aureus La colonización de los profesionales de enfermería por Staphylococcus aureus A colonização dos profissionais de enfermagem por Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josely Pinto de Moura

    2011-04-01

    evidenciaron que son las enfermeras y los técnicos de enfermería las categorías profesionales más susceptibles al MRSA. Es necesario realizar una discusión más amplia sobre la temática e las intervenciones.Este é um estudo transversal e teve como objetivo investigar a presença de Staphylococcus aureus na saliva da equipe de enfermagem de um hospital escola, do interior paulista. Foram coletadas três amostras da saliva de 351 indivíduos, com intervalo de dois meses. Todos os aspectos éticos foram contemplados. Em 867 (82,3% culturas não houve identificação de Staphylococcus aureus na saliva, em 88 (17,7% culturas foi isolado Staphylococcus aureus, sendo 26 (2,5% resistentes à meticilina. A prevalência de profissionais colonizados por Staphylococcus aureus foi de 41,0% (144/351, dos quais 7,1% (25/351 foram caracterizados como Staphylococcus aureus resistentes à meticilina. Os carreadores transitórios representaram 81,2% e os persistentes 18,8%. A resistência à mupirocina foi de 73,1% entre os resistentes à meticilina e 9,3% nos sensíveis à meticilina. Os resultados evidenciaram que enfermeiras e os técnicos de enfermagem representam as categorias profissionais mais suscetíveis ao MRSA. Discussão mais ampla sobre a temática e intervenções se fazem necessárias.

  10. Análise comparativa do crescimento de biótipos de picão-preto (Bidens pilosa resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of Bidens pilosa biotypes resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.J. Christoffoleti

    2001-04-01

    Full Text Available A resistência de biótipos de plantas daninhas aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS é causada pela insensibilidade desta enzima aos herbicidas que inibem sua atividade catalítica. A insensibilidade da enzima é decorrente de uma alteração estrutural, resultado da substituição de certos aminoácidos no sítio de ação do herbicida. Esta alteração na enzima pode eventualmente resultar, além da resistência ao herbicida, em modificações na taxa de crescimento da planta, fato este comprovado para os biótipos resistentes aos herbicidas inibidores do fotossistema II, os quais apresentam taxa de crescimento prejudicada pela alteração no sítio de ação sofrida pelo herbicida. Esta possível diminuição na taxa de crescimento da planta resistente tem conseqüências diretas na competitividade do biótipo e, portanto, na sua dinâmica dentro da população, afetando diretamente as estratégias de manejo da resistência. A presente pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de comparar a taxa de crescimento de dois biótipos da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa, sendo um resistente e um suscetível aos herbicidas inibidores da ALS. Um experimento foi montado em casa de vegetação, em vasos com capacidade de 5 L, sendo uma planta de cada biótipo por vaso, coletando-se a biomassa seca destas plantas e a área foliar semanalmente, iniciando-se 14 dias após o plantio. Os resultados de crescimento da biomassa e área foliar foram ajustados utilizando-se a função de Richards (log-logística. Desta análise, foram derivadas a taxa de crescimento absoluto (TCA, a taxa de crescimento relativo (TCR e a taxa de assimilação fotossintética líquida (TAL. O biótipo suscetível apresentou peso de biomassa seca superior ao resistente nas primeiras fases do crescimento, porém no final do ciclo o biótipo resistente igualou-se em tamanho de área foliar, pois apresentou, principalmente no início do ciclo de crescimento

  11. In vitro bactericidal activity of equine platelet concentrates, platelet poor plasma, and plasma against methicillin-resistant Staphylococcus aureus Actividad bactericida in vitro de concentrados de plaquetas, plasma pobre en plaquetas y plasma de equinos contra Staphylococcus aureus resistente a la meticilina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    ME Álvarez

    2011-01-01

    Full Text Available The aims of the study were 1 to evaluate the antibacterial effect of equine platelet concentrates (ePCs (either activated or not with calcium gluconate (CG against methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA, and 2 to compare their antibacterial effect with activated platelet poor plasma (PPP and plasma (P. Blood products were allotted in 4 groups (ePC, ePC/CG, PPP/CG, and P plus a positive control group (PCG and a negative control group, and mixed with MRSA and Mueller-Hinton broth. Samples were incubated during 1, 4, 8, 12, and 24 h, and colony-forming units were counted. The bacterial growth was significantly (P = 0.01 inhibited by the ePC, ePC/CG, PPP/CG and P in comparison with the PCG during the first 12 h. At 24h only a statistically significant (P = 0.01 antibacterial effect was noticed for the ePC, ePC/ CG and PPP/CG in comparison with the PCG and P. Equine PCs and PPP provided the best in vitro antibacterial effect against MRSA.Los objetivos del estudio fueron: 1 evaluar el efecto antibacteriano de concentrados de plaquetas equinas (ePC (activados o no con gluconato de calcio (CG frente a Staphylococcus aureus meticilino-resistente (MRSA y 2 comparar su efecto antibacteriano contra plasma pobre en plaquetas (PPP (activado con CG -PPP/GC- y plasma (P. Los productos sanguíneos fueron divididos en 4 grupos (ePC, ePC/CG, PPP/CG y P, más un grupo control positivo (PCG y otro control negativo. Los grupos se mezclaron con caldo Mueller-Hinton y MRSA. Las muestras fueron incubadas durante 1, 4, 8, 12 y 24 horas y se contaron las unidades formadoras de colonias. El crecimiento de las bacterias fue significativamente (P = 0,01 inhibido por el ePC, ePC/CG, PPP/CG y P en comparación con el PCG durante las primeras 12 h. Sólo a las 24 horas hubo una diferencia estadísticamente significativa (P = 0.01 y se observó un efecto antibacteriano para el ePC, ePC/CG y PPP/CG en comparación con el PCG y P. Los ePCs y PPP equinos mostraron el

  12. Suscetibilidade comparativa a herbicidas pós-emergentes de biótipos de Digitaria ciliaris resistente e suscetível aos inibidores da ACCase Relative susceptibility to post-emergence herbicides of ACCase-resistant and susceptible biotypes of Digitaria ciliaris

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.F. López-Ovejero

    2006-12-01

    Full Text Available Esta pesquisa foi conduzida com o objetivo de avaliar a possibilidade de resistência múltipla aos herbicidas inibidores da ACCase, ALS e síntese de carotenos em um biótipo de capim-colchão (Digitaria ciliaris resistente aos inibidores da ACCase. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, utilizando dois biótipos de capim-colchão: um resistente (R e outro suscetível (S aos herbicidas inibidores da ACCase. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. Foram utilizados 11 herbicidas: fluazifop-p-butil, haloxyfop-r-methyl, propaquizafop, sethoxydim, tepraloxydim, clethodim, fenoxaprop + clethodim, imazethapyr, nicosulfuron, iodosulfuron + foramsulfuron e mesotrione. Para cada herbicida, os tratamentos resultaram da combinação fatorial entre os dois biótipos de capim-colchão e 10 doses (0,0D; 0,016D; 0,03D; 0,06D; 0,25D; 0,5D; 1,0D; 2,0D; 4,0D; e 16,0D, em que D é a dose recomendada para cada produto. Os herbicidas foram aplicados sobre as plantas de capim-colchão em estádio de desenvolvimento de 3-4 folhas. Avaliou-se a porcentagem de controle aos 28 dias após a aplicação (DAA. O biótipo R foi confirmado como resistente aos herbicidas inibidores da ACCase (grupos químicos dos ariloxifenoxipropionatos e cicloexanodionas com níveis variáveis de resistência cruzada. O biótipo R foi controlado satisfatoriamente pela dose de campo de todos os herbicidas alternativos aplicados (sulfoniluréias, imidazolinonas e inibidores da síntese de caroteno, excluindo a hipótese de resistência múltipla nesse biótipo de capim-colchão.This research was conducted to evaluate the possibility of multiple resistances to ACCase, ALS and carotene synthesis inhibiting herbicides in one ACCase-resistant biotype of crab-grass (Digitaria ciliaris. The experiment was conducted in a greenhouse, using two crab-grass biotypes: one resistant (R and another susceptible (S to ACCase inhibiting herbicides

  13. Aceitação de cultivares de bananas resistentes à Sigatoka Negra junto ao consumidor da região Nordeste do Brasil Acceptance of banana cultivars resistant to Black Sigatoka by the consumer market of Northeast Brazilian region

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Deborah dos Santos Garruti

    2012-05-01

    Full Text Available O Mal da Sigatoka Negra é devastador para as cultivares tradicionais de banana. No Brasil, cultivares resistentes estão sendo desenvolvidas, mas se a preferência do consumidor não for considerada, o programa de melhoramento pode falhar. Neste trabalho, a aceitabilidade de quatro cultivares resistentes foi acessada no Nordeste brasileiro e comparada a quatro variedades comerciais. Dois grupos de consumidores participaram: adultos jovens e donas de casa. Escala hedônica foi aplicada para aparência externa dos cachos, aceitação global e aceitação por atributos dos frutos (aparência sem a casca, aroma, sabor e textura, além de testes de preferência e intenção de compra. Os dados foram submetidos à ANOVA e Mapa de Preferência Interno. Mulheres e jovens mostraram opiniões semelhantes. As cultivares 'Preciosa' e 'Pacovan Ken' mostraram ser as mais promissoras, sendo que a primeira já pode substituir as cultivares comerciais 'Prata' e 'Pacovan' sem prejudicar a sua aceitabilidade, mas a 'Pacovan Ken' ainda precisa ser melhorada quanto à aparência.The Black Sigatoka Disease is devastating to traditional banana cultivars. In Brazil, resistant cultivars are being developed but if the consumer's preference is not taken into account, the breeding program may not succeed. In this research the acceptability of four resistant cultivars was accessed in the Northeastern Brazilian region and compared to four commercial varieties. Two groups of consumers participated: young adults and housewives. Hedonic scale was applied to external appearance of bunches, global acceptance and acceptance of fruits' attributes (appearance without peel, aroma, flavor and texture. Preference and purchase intent were also evaluated. Data were submitted to ANOVA and Preference Mapping. Women and young adults showed similar opinions. 'Preciosa' and 'Pacovan Ken' cultivars showed to be the most promising ones. 'Preciosa' can already substitute the commercial 'Prata

  14. Clonal types and antimicrobial resistance profiles of methicillin-resistant Staphylococcus aureus isolates from hospitals in south Brazil Tipos de clones e perfis de resistência antimicrobiana de Staphylococcus aureus resistentes à meticilina isolados de hospitais no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Reus Rodrigues Perez

    2008-06-01

    Full Text Available In the present study were evaluated the DNA macrorestriction profile and SCCmec types for nine multi-resistant MRSA selected. Also antimicrobial susceptibility testing by disk diffusion method was evaluated for 68 MRSA isolates against 12 antimicrobial agents. The isolates were recovered from blood culture collected from hospitalized patients in three hospitals of Porto Alegre, Brazil. PFGE and PCR for mecA and SCCmec I, II, III, IV types genes were done on selected nine isolates with susceptibility only to vancomycin, teicoplanin and linezolid. Two clone profiles, with five subtypes, were demonstrated among multi-resistant MRSA analyzed. Eight isolates showed harbor SCCmec type III and one isolate was not typeable. The knowledge of SCCmec type, clone and antimicrobial profiles among S. aureus is essential mainly to prevention and control of dissemination of the antimicrobial resistance.No presente estudo foram avaliados o perfil de macrorrestrição do DNA e tipos de SCCmec para nove MRSA multirresistentes selecionados. Além disso, susceptibilidade a 12 agentes antimicrobianos pelo teste de disco-difusão foi avaliada para 68 isolados de MRSA. Os isolados foram obtidos de hemoculturas de pacientes hospitalizados de três hospitais de Porto Alegre, Brasil. PFGE e PCR para detecção do gene mecA e para os tipos genéticos SCCmec I, II, III e IV foram realizados em nove isolados selecionados que apresentaram susceptibilidade somente a vancomicina, teicoplanina e linezolida. Dois perfis clonais, com cinco subtipos, foram demonstrados entre os isolados analisados. Oito isolados apresentaram SCCmec tipo III e um isolado não foi caracterizado quanto ao tipo de SCCmec. O conhecimento do tipo de SCCmec bem como dos perfis clonais e de susceptibilidade aos antimicrobianos entre isolados de S. aureus é essencial, principalmente, para a prevenção e controle da disseminação da resistência antimicrobiana.

  15. Immunology defense system in insects: an approach in velvetbean catterpillar, Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae, AgMNPV-resistant/ Sistema imunológico de defesa em insetos: uma abordagem em lagartas da soja, Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae, resistentes ao AgMNPV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ângela Maria Ferreira Falleiros

    2004-05-01

    Full Text Available The insects occupy almost all ecological niches and are constantly exposed to the attack of innumerable natural enemies, many of which are potentially pathogenic. To survive to these attacks, the insects had developed efficient defense systems, represented by outer cuticle, the digestory system and hemolymph cells, the hemocytes, that promote cellular defense. The velvetbean caterpillar, Anticarsia gemmatalis, as soybean pest crop, demand 60% of the insecticide applications in the national soybean crops. With the more and more use of the nucleopolihedrovirus Baculovirus anticarsia aiming at its control, studies involving the foreing body recognition and its destruction by the defense systems together with the appearance of resistant strains caterpillar are supports for methodologies that become the control of this more efficient, until as prevention for the appearing of caterpillar naturally resistant in the field.Os insetos ocupam quase todos os nichos ecológicos e estão constantemente expostos ao ataque de inúmeros inimigos naturais, muitos dos quais são potencialmente patogênicos. Para sobreviver a esses ataques, os insetos desenvolveram eficiente sistema de defesa, representado pela espessa cutícula que os recobre, pelo sistema digestório e por células da hemolinfa, os hemócitos, que promovem a defesa celular. A lagarta da soja, Anticarsia gemmatalis, como praga desta cultura, demanda 60% das aplicações de inseticidas nas lavouras de soja nacionais. Com a utilização cada vez mais ampla do nucleopoliedrovirus Baculovirus anticarsia visando seu controle, estudos envolvendo o reconhecimento de corpos estranhos pelo sistema de defesa e sua destruição juntamente com o aparecimento de linhagens de lagartas resistentes, são suportes para metodologias que tornam o controle deste inseto-praga mais eficaz, até como prevenção para o surgimento de lagartas naturalmente resistentes no campo.

  16. Análise de crescimento de biótipos de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla resistente e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.M. Brighenti

    2001-04-01

    Full Text Available A aplicação contínua de herbicidas do grupo químico das imidazolinonas, nas mesmas áreas de produção de soja, durante anos seguidos, no município de Cafelândia, PR, favoreceu a seleção de um biótipo resistente de amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. Um estudo comparativo das características do crescimento do biótipo resistente e do suscetível foi realizado em casa de vegetação da Embrapa Soja, Londrina-PR, a fim de identificar diferenças no crescimento e no desenvolvimento das plantas e de seus órgãos. A produção de matéria seca total, a área foliar, a matéria seca dos caule, das raízes e das folhas, bem como a altura por planta, foram avaliadas em 13 vezes a intervalos regulares, iniciando aos 14 dias após a semeadura. A partir desses parâmetros, foram calculadas a taxa de crescimento relativo, a taxa assimilatória líquida, a razão de área foliar, a razão de peso foliar e a área foliar específica, que decrescem com a ontogenia das plantas de amendoim-bravo, sendo similares para ambos os biótipos. A matéria seca total acumulada pelas plantas e seus órgãos, a área foliar e a altura apresentaram comportamentos semelhantes para os biótipos resistente e suscetível. O ciclo vegetativo dos dois biótipos estudados não mostrou diferença significativa quanto ao crescimento e ao desenvolvimento.Repetitive spraying of imidazolinone herbicides year after year to control weeds in the soybean grown areas of Cafelândia, Paraná, Brazil, has favored the selection of an ALS (acetolactate synthase inhibitor herbicide resistant biotype of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla. A comparative study of growth and development of wild poinsettia resistant and susceptible to ALS inhibitor herbicides was carried out in the greenhouse of the experimental station of Soybean Embrapa in Londrina, Paraná, Brazil. Total dry biomass yield, leaf area, shoot dry weight, leaf

  17. Caracterização citológica dos hemócitos de Anticarsia gemmatalis (Lepidoptera, Noctuidae em larvas resistentes ao vírus AgMNPV Citological characterization of the Anticarsia gemmatalis (Lepidoptera, Noctuidae hemocytes in resistant larvae to the virus AgMNPV

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria C. C. de Negreiro

    2009-03-01

    Full Text Available A ocorrência de larvas de Anticarsia gemmatalis (Hübner, 1932 resistentes ao vírus AgMNPV em laboratório levou ao estudo dos hemócitos deste inseto para avaliar sua participação nos mecanismos que possibilitam a resistência ao vírus. As larvas resistentes com 6 - 11 dias de desenvolvimento (3º a 5º instar foram anestesiadas por resfriamento e rapidamente limpas em álcool 70%. A hemolinfa foi coletada através de punção abdominal, a análise morfológica foi realizada em contraste de fase e esfregaços corados com solução de Seller. A contagem total de hemócitos (CTH foi realizada em câmara de Neubauer com hemolinfa não diluída. Para a contagem diferencial de hemócitos (CDH, utilizou-se hemolinfa diluída em solução anticoagulante para insetos. Foram identificados seis tipos de hemócitos: plasmatócitos (38,5%, granulócitos (22,6%, oenocitóides (20,4%, esferulócitos (14,5%, prohemócitos (2,3% e vermiformes (1,5%. O número total de hemócitos mostrou um aumento significativo durante o período larval estudado.The occurrence of Anticarsia gemmatalis (Hübner, 1932 larvae resistant to the virus AgMNPV in laboratory led to the study of the hemocytes of this insect, in order to evalue its participation in the mechanisms which enables the resistance to the virus. The resistant larvae with 6 to 11 developmental days old (3rd to 5th instars were anesthetized by cold and after that were quickly cleaned in 70% alcohol. The hemolymph was collected through abdominal puncturing; the morphological analysis was made in phase contrast and colored smears with Seller solution. The total hemocytes counting (THC, was made in modified Neubauer chamber with not diluted hemolymph. For the differential hemocytes counting (DHC, was used diluted hemolymph in anticoagulant solution for insects. Six hemocytes types were identified: plasmatocytes (38.5%, granulocytes (22.6%, oenocytoids (20.4%, spherulocytes (14.5%, prohemocytes (2.3% and

  18. Permeabilidade in vitro e in silico de análogos à nifuroxazida com atividade potencial frente a cepas multirresistentes de Staphylococcus aureus

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA, Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus) é um dos principais responsáveis por infecções nosocomiais, sendo identificado também em infecções associadas à comunidade. Embora potentes fármacos anti-estafilocócicos estejam disponíveis, as infecções causadas por este patógeno continuam a apresentar significativa morbidade e mortalidade devido ao aparecimento de cepas com resistência a múltiplos fármacos, incluindo vancomicina e teicoplanina....

  19. Desnutrição neonatal e produção de IFN-γ IL-12 e IL-10 por macrófagos/linfócitos: estudo da infecção celular, in vitro, por Staphylococcus aureus meticilina sensível e meticilina resistente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thacianna Barreto da Costa

    2012-10-01

    Full Text Available OBJETIVO: Avaliar a influência da desnutrição neonatal sobre a produção de Interferon gama, Interleucina-12 e Interleucina-10 em cultura de macrófagos alveolares e linfócitos infectados, in vitro, com Staphylococcus aureus sensível/resistente à meticilina. MÉTODOS: Ratos machos Wistar foram amamentados por mães cuja dieta, durante a lactação, continha 17% de proteína no grupo nutrido e 8% no grupo desnutrido. Após desmame, ambos os grupos receberam a dieta normoproteica. Os macrófagos foram obtidos após traqueostomia, através da coleta do lavado broncoalveolar. Para obtenção dos linfócitos, foi realizado o procedimento cirúrgico de punção cardíaca. Após o isolamento dos diferentes tipos celulares, procedeuse à realização dos estímulos com as cepas de estudo. A dosagem das citocinas foi realizada pelo método de Enzyme-Linked Immunosorbent Assay, a partir de amostras coletadas do sobrenadante das culturas após 24 horas de incubação. RESULTADOS: A desnutrição acarretou diminuição do crescimento ponderal, redução na produção de Interferon gama em cultura de macrófagos alveolares e linfócitos e diminuição na produção de Interleucina-12 em cultura de macrófagos alveolares. Apenas a produção de Interferon gama e Interleucina-10 em cultura de macrófagos alveolares apresentou diferença entre as cepas analisadas, em ambos os grupos estudados. CONCLUSÃO: O modelo de desnutrição neonatal produziu sequela no peso corporal e reduziu a produção de citocinas próinflamatórias (Interleucina-12 e Interferon gama, indicando que esse modelo de desnutrição pode comprometer a resolução de um processo infeccioso. A cepa de Staphylococcus aureus resistente à meticilina estimulou uma maior produção de Interferon gama e Interleucina-10 por macrófagos alveolares, o que sugeriu estimulação imunológica mais intensa, por essa cepa, nesse tipo celular especificamente.

  20. Biology, management and biochemical/genetic characterization of weed biotypes resistant to acetolactate synthase inhibitor herbicides Biologia, manejo e caracterização bioquímica e genética de biótipos resistentes aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia Andrea Monquero

    2003-01-01

    - Brasil e nas províncias de Córdoba e Tucumã (Argentina, selecionaram biótipos resistentes (R destas plantas daninhas. Esta pesquisa foi desenvolvida para estudar o manejo, crescimento, a bioquímica e genética destes biótipos resistentes. Em um experimento de campo concluiu-se que chlorimuron-ethyl e imazethapyr (inibidores da ALS, aplicados nas doses recomendadas, não controlaram o biótipo R de B. pilosa, mas os herbicidas alternativos lactofen, fomesafen e bentazon foram eficientes quando aplicados sozinhos ou em mistura com os herbicidas inibidores da ALS. Estudos em casa-de-vegetação confirmaram a resistência cruzada para os biótipos de ambas espécies aos herbicidas dos grupos químicos das imidazolinonas e sulfuniluréias e os herbicidas alternativos sozinhos ou em mistura com os inibidores da ALS controlaram eficientemente populações resistentes e suscetíveis. Análises de crescimento dos biótipos R e S destas plantas daninhas em condições não competitivas mostraram que não existe um custo adaptativo para os biótipos R (efeitos pleiotrópicos. O bioensaio rápido usando inibidores da ALS e ketoacid reductoisomerase (KARI indicaram que a resistência decorre da insensibilidade da enzima ALS aos herbicidas. Por outro lado, o seqüenciamento do gene que codifica a ALS em R A. quitensis não mostrou mutação no Domínio A, sugerindo que outras posições do gene poderiam estar sofrendo mutações que conferem a insensibilidade da ALS a sulfuniluréias e imidazolinonas.

  1. Tuberculose resistente: revisão molecular Resistant tuberculosis: a molecular review

    OpenAIRE

    Maria Lúcia Rosa Rossetti; Andréia Rosane Moura Valim; Márcia Susana Nunes Silva; Vívian Sumnienski Rodrigues

    2002-01-01

    O progresso na compreensão dos mecanismos de resistência aos fármacos usados no tratamento da tuberculose tem permitido o desenvolvimento de novos métodos para a detecção da tuberculose resistente. A resistente aos fármacos representa uma ameaça para os programas de controle da tuberculose. Para tanto, é necessário conhecer o padrão de sensibilidade das linhagens para fornecer o tratamento adequado. Os estudos moleculares dos mecanismos de ação dos fármacos antituberculose têm elucidado as ba...

  2. EPIDEMIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO MONITORAMENTO DE ESTIRPES DE Staphylococcus aureus NA PRODUÇÃO DE QUEIJO MINAS FRESCAL

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Izabel Merino de Medeiros

    2013-03-01

    Full Text Available We studied the molecular epidemiology of Staphylococcus aureus strains potentially toxigenic, isolated from the production process of Minas frescal cheese in a small dairy plant in the state of São Paulo. For this, samples were taken during the period from June 2008 to July 2009. Samples were collected from the surface of the receiving and storage tanks of raw milk, the surface of the balance tank of pasteurized milk, the water supply system, the pipes and equipments, the hands of the handler and from the packaged cheese, totaling 140 samples. The colonies isolated on Baird-Parker Agar confirmed as Gram positive and positive for catalase, coagulase and acetoin production, were submitted to extraction of bacterial DNA using the Invitek - Uniscience® kit. Confirmation of the isolated species and enterotoxins SEA, SEB, SEC, SED and TSST-1 toxin was carried out through the amplification of specific fragments of chromosomal DNA. Among the 74 strains of isolated coagulase-positive staphylococci, only 41 (55.4% strains were confirmed as Staphylococcus aureus, of which 25 (61.0% were positive to the presence of staphylococcal toxins. The most frequently identified enterotoxin was SEA. The toxigenic strains of Staphylococcus aureus were more frequently isolated from hands of the handler (16.0%, raw milk receiving tank (12.0%, pasteurized milk for cheese making (12.0% and fresh white cheese ready for consumption (12.0%.

  3. Preliminary study of community-acquired Staphylococcus aureus infection in Manaus Hospital, Amazonia Region, Brazil Estudo preliminar das infeccões por Staphylococcus aureus na comunidade de um Hospital em Manaus, Região do Amazonas, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jesus M. Egido

    2003-12-01

    Full Text Available Methicillin resistant Staphylococcus aureus is considered a public health problem with a strong potential for dissemination and high rates of morbidity and mortality. In this study we describe bacteriological and epidemiological characteristics of Staphylococcus aureus in Manaus (Amazon region. During the one-year study period (2000-2001, sixteen cases of acute pyogenic multiple abscess were evaluated. Community-acquired S. aureus was identified as causative agent in 10 (62.5% patients. The strains tested with antimicrobials by discs diffusion method, exhibited a high rate of sensitivity to cephalexin (100%, erythromycin (90%. Oxacillin-susceptible Staphylococcus aureus was 90%. No isolate was resistant to Vancomycin. To our knowledge, no series of community-acquired Staphylococcus aureus in Manaus hospital has been published. Our partial results showed a high rate of antimicrobial sensitivity among community-acquired Staphylococcus aureus in the hospital of Tropical Medicine Institute of Manaus, Amazon Region.O Staphylococcus aureus resistente a meticilina é considerado como um problema na saúde publica por seu grande potencial de disseminação e altas porcentagens de morbidade e mortalidade. No estudo descrevemos as características bacteriológicas e epidemiológicas do Staphylococcus aureus na cidade de Manaus. No período de um ano (2000-2001 avaliou-se dezesseis casos de abscessos piogênicos múltiplos. Em 10 (62,5% doentes o agente causal foi identificado como Staphylococcus aureus adquirido na comunidade O estudo das bacterias isoladas frente aos diferentes antimicrobianos, seguindo o método de difusão em disco, mostrou boa sensibilidade a cefalexina (100% e eritromicina (90%. Noventa porcento dos Staphylococcus aureus isolados foram sensíveis ao oxacilina. Nenhum dos isolados mostrou ser resistente a Vancomicina. Não temos informações sobre publicações dos Staphylococcus aureus adquiridos na comunidade em hospitais de Manaus

  4. Curvas de dose-resposta de biótipos resistente e suscetível de Bidens pilosa L. aos herbicidas inibidores da ALS Rate-response curves of resistant and susceptible Bidens pilosa L. biotypes to ALS-inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Jacob Christoffoleti

    2002-09-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas é um fenômeno de ocorrência mundial, sendo caracterizada como uma redução na resposta de uma população a produtos químicos, em sua dose recomendada, como resultado de sua aplicação sucessiva. O número de casos de resistência registrados no Brasil tem aumentado significativamente nos últimos anos, porém poucos estudos científicos têm sido feitos para elucidar este fenômeno. Sendo assim, foram conduzidos experimentos com o objetivo de elaboração de curvas de dose-resposta comparativa entre dois biótipos da planta daninha picão-preto (Bidens pilosa L., sendo um resistente (R e outro suscetível (S aos herbicidas inibidores da ALS. Para isso, foram utilizados três herbicidas do grupo químico das sulfoniluréias e um do grupo químico das imidazolinonas. No estádio de três a quatro pares de folhas, as plantas R e S de B. pilosa foram pulverizadas com os herbicidas chlorimuron-ethyl, metsulfuron-methyl, nicosulfuron e imazethapyr, em doses correspondentes a múltiplos de 0,0; 0,001; 0,01; 0,1; 1,0; 10; 100 e 1000 vezes a dose recomendada para aplicação de campo. A partir dos resultados da porcentagem de fitotoxicidade foi feito o ajuste das curvas de dose-resposta. As relações entre o C50 do biótipo resistente e o C50 do biótipo suscetível (R/S foram de 40,92; 173,84; 57,47 e 57,16 para os herbicidas chlorimuron-ethyl, nicosulfuron, metsulfuron-methyl, e imazethapyr, respectivamente. O biótipo R de B. pilosa apresenta elevado nível de resistência cruzada aos herbicidas inibidores da ALS, do grupo químico das sulfoniluréias e imidazolinonas.Weed herbicide resistance is a phenomenon defined as a response reduction of a population to a chemical product sprayed at a recommended rate, as a result of its continuous application. The incidence of herbicide-resistant weeds in Brazil has increased lately, but few scientific studies have been conducted to elucidate the

  5. CALIDAD DE LA CARNE Y CONTAMINACIÓN MICROBIOLÓGICA POR Staphylococcus aureus METICILINA RESISTENTES EN CANALES DE CONEJOS (Oryctolagus cuniculus) PROCEDENTES DE UNIDADES DE PRODUCCIÓN FAMILIAR DEL VALLE DE TOLUCA

    OpenAIRE

    Rodriguez Correa, Juan Luis

    2016-01-01

    La estrecha relación entre la dieta y la salud ha conducido a cambios en los hábitos del consumidor. En este contexto, la carne de conejo es muy valorada por sus propiedades nutricionales y dietéticas. Por las características que tiene la carne es un buen sustrato para la contaminación cruzada. El S. aureus es un patógeno que afecta a humanos y animales. En los conejos puede causar mastitis, dermatitis exudativa, abscesos subcutáneos y septicemias. El uso indiscriminado de antibióticos como t...

  6. Uso da água por plantas de arroz em competição com biótipos de Echinochloa crusgalli resistente e suscetível ao herbicida quinclorac Water use by rice plants under competition with Echinochloa crusgalli biotypes resistant and susceptible to quinclorac

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    G. Concenço

    2009-06-01

    Full Text Available Objetivou-se com este trabalho avaliar as características associadas à eficiência de uso da água por plantas de arroz irrigado, quando sob competição com biótipos de capim-arroz resistente ou suscetível ao herbicida quinclorac, em diferentes densidades. O experimento foi realizado em casa de vegetação, em delineamento de blocos casualizados e esquema fatorial 2 x 6 (dois biótipos e seis densidades de infestação, com quatro repetições. Os tratamentos consistiram em manter uma planta de arroz no centro da unidade experimental, competindo com 0, 1, 2, 3, 4 ou 5 plantas do biótipo resistente ou suscetível na periferia. Aos 50 DAE (dias após a emergência foram avaliadas a condutância estomática de vapores de água, a pressão de vapor na câmara subestomática, a temperatura da folha e a taxa transpiratória, sendo calculada ainda a eficiência do uso da água. As plantas foram coletadas junto à superfície do solo, acondicionadas em sacos de papel e secas em estufa (70 ± 1 ºC com circulação forçada de ar até massa constante, para obtenção da massa seca de planta. Os dados foram submetidos à análise de variância pelo teste F; em caso de significância, aplicou-se o teste de Duncan para avaliar o efeito da densidade de plantas e o teste da Diferença Mínima Significativa (DMS para diferenças entre as influências dos biótipos resistente e suscetível sobre as plantas de arroz. Plantas de arroz foram afetadas pelo aumento no número de plantas de capim-arroz competindo com a cultura, mas não foram observadas diferenças na maioria das variáveis estudadas em função do biótipo com o qual essas plantas competiam. Variáveis-chave, como a eficiência do uso da água, foram mais afetadas quando as plantas de arroz competiam com plantas de capim-arroz do biótipo suscetível ao herbicida quinclorac. Em condições de lavoura, essa característica pode não influenciar significativamente o desenvolvimento das plantas

  7. Análise de crescimento de biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla resistentes e suscetível aos herbicidas inibidores da ALS Growth analysis of resistant and susceptible wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes to ALS-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2000-01-01

    Full Text Available Foram conduzidos dois experimentos em condições de casa de vegetação, com o objetivo de analisar comparativamente o crescimento de três biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla - EPHHL resistentes (R (Passo Fundo, Não-Me-Toque e Rio Pardo e um suscetível (S (Porto Alegre aos herbicidas inibidores da ALS, por meio do cálculo da taxa de crescimento relativo (TCR e dos índices que a compõem. Utilizou-se o delineamento experimental completamente casualizado, com três repetições e tratamentos organizados em fatorial 2 x 4 x 4, em que o fator A correspondeu às duas estações de crescimento (outono e primavera, o fator B aos quatro biótipos de EPHHL e o fator C às quatro épocas de determinação dos índices de crescimento das plantas de leiteira - no primeiro experimento, aos 15, 25, 35 e 45, e, no segundo, aos 23, 33, 43 e 53 dias após a emergência (DAE. No experimento realizado no outono não houve interação entre época de avaliação e biótipo nem efeito simples de biótipo. No experimento realizado na primavera, a razão de peso foliar (RPF do biótipo de Não-Me-Toque foi superior em média à dos demais biótipos; a razão de área foliar (RAF foi superior no biótipo de Não-Me-Toque aos 23 e 53 DAE; e não houve diferenças da TAL e TCR entre os biótipos. Esses resultados sugerem produtividade semelhante entre os biótipos R e S e, portanto, sua equivalência competitiva.Two trials were carried out under greenhouse conditions to compare the development of three ALS inhibitor herbicides resistant (R wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes (Passo Fundo, Não-Me-Toque and Rio Pardo - RS - Brazil and one susceptible (S (Porto Alegre - RS - Brazil using relative growth rate (RGR and related indices. The experiment was arranged as a completely randomized design, with three replications, in a 2 x 4 x 4 factorial, where factor A was two growth seasons (fall and spring; factor B, four biotypes of wild poinsettia

  8. Influência do glifosato na eficiência nutricional do nitrogênio, manganês, ferro, cobre e zinco em soja resistente ao glifosato Glyphosate influence on nitrogen, manganese, iron, copper and zinc nutritional efficiency in glyphosate resistant soybean

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ademar Pereira Serra

    2011-01-01

    Full Text Available Com o desenvolvimento da soja resistente ao glifosato, Roundup Ready (RR, observa-se um aumento considerável no uso desse herbicida, com aplicações de três a quatro vezes durante o ciclo da cultura. Dessa forma, essas aplicações podem estar influenciando a nutrição mineral da cultura. Objetivou-se realizar este experimento para avaliar a influência do glifosato na eficiência nutricional de N, Mn, Cu, Zn e Fe pela soja transgênica cv. 'P98R31 RR'. O experimento foi realizado em casa de vegetação, na ESALQ/USP, Piracicaba (SP, em 2009. A unidade experimental foi constituída por vaso contendo 11kg de substrato (NITOSSOLO VERMELHO Eutroférrico latossólico, com duas plantas por vaso. Os tratamentos foram arranjados em um esquema fatorial 5X5, com cinco níveis do fator Mn (0, 20, 40, 60 e 80mg dm-3 e cinco de glifosato (0; 0,648; 1,296; 1,944 e 2,592kg i.a. ha-1, sendo que o Mn foi fornecido a partir do sulfato de manganês (MnSO4.H2O. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro repetições. Não houve influência na resposta das plantas com relação ao fator Mn. A aplicação de glifosato interferiu de forma negativa na eficiência nutricional da planta e nos teores totais de N, Mn, Cu, Zn e Fe. A utilização de glifosato causou redução ao número de nódulos e redução na produção de massa seca.After development of glyphosate-resistant (GR soybean, there is a considerable raise in the use of this herbicide, with three to four applications during the culture cycle. Thus, these applications may be influencing the mineral nutrition of the crop. So, the aim of this research was evaluate the glyphosate influence on uptake, translocation and use efficiency of N, Mn, Cu, Zn and Fe by (GR soybean 'P98R31' cultivar. The experiment was conducted in the greenhouse at ESALQ/USP, Piracicaba, State of São Paulo, Brazil, in 2009. The experimental unit was formed by 11kg vase-1 of soil (Rhodic Paleudult with two

  9. Desempenho de populações híbridas F2 de arroz-vermelho (Oryza sativa com arroz transgênico (O. sativa resistente ao herbicida amonio-glufosinate Performance of F2 hybrid populations of red rice (Oryza sativa with ammonium-glufosinate-resistant transgenic rice (O. sativa

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J.A. Noldin

    2004-09-01

    Full Text Available O arroz-vermelho e o arroz-preto constituem-se nas principais plantas daninhas infestantes da cultura de arroz irrigado, devido à dificuldade de controle seletivo desta espécie em lavouras comerciais. A utilização de cultivares geneticamente modificados resistentes a herbicidas não-seletivos constitui uma alternativa de controle do arroz-vermelho e arroz-preto em arroz irrigado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de populações híbridas F2 originárias do cruzamento entre o arroz transgênico resistente ao herbicida glufosinato de amônio (arroz GM e o arroz-vermelho ou arroz-preto. As populações híbridas F2 resultantes do cruzamento entre o arroz transgênico e o arroz-vermelho e preto são viáveis, mas não apresentam vantagem competitiva aparente em comparação com o arroz-vermelho e arroz-preto não-hibridizado, respectivamente. Nas populações híbridas F2, as características morfológicas, como capacidade de perfilhamento, número de folhas produzidas e estatura média das plantas, foram em parte reduzidas e em parte não foram afetadas pela introgressão do gene BAR. A duração média do período entre o transplante e 50% da fase de floração aumentou nos híbridos F2 entre arroz-vermelho e arroz GM, comparado com os parentais arroz-vermelho e arroz GM. Nos híbridos com arroz-preto, observou-se o contrário: as plantas reduziram o ciclo médio em relação a este. O degrane natural médio observado nos quatro cruzamentos foi inferior ao apresentado pelos dois parentais (arroz-vermelho e arroz-preto-aspecto este também desfavorável à persistência do arroz-vermelho no ambiente. A esterilidade média de espiguetas aumentou e a produção de sementes viáveis foi inferior ou no máximo similar àquela observada no arroz-vermelho e no arroz-preto. A dormência de sementes foi pouco afetada, quando comparadas as populações híbridas F2 portadoras do gene BAR com os parentais arroz-vermelho e arroz

  10. In vitro bactericidal activity of equine platelet concentrates, platelet poor plasma, and plasma against methicillin-resistant Staphylococcus aureus Actividad bactericida in vitro de concentrados de plaquetas, plasma pobre en plaquetas y plasma de equinos contra Staphylococcus aureus resistente a la meticilina

    OpenAIRE

    ME Álvarez; López, C.; CE Giraldo; Samudio, I; JU Carmona

    2011-01-01

    The aims of the study were 1) to evaluate the antibacterial effect of equine platelet concentrates (ePCs) (either activated or not with calcium gluconate (CG)) against methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA), and 2) to compare their antibacterial effect with activated platelet poor plasma (PPP) and plasma (P). Blood products were allotted in 4 groups (ePC, ePC/CG, PPP/CG, and P) plus a positive control group (PCG) and a negative control group, and mixed with MRSA and Mueller-Hinton...

  11. Estafilococos resistentes à oxacilina isolados em casos de mastite subclínica em ovinos

    OpenAIRE

    ZAFALON, L. F.; Verissimo,C.J.; Mamizuka,E.M.; MARTINS, K. B.; Almeida,L.M.; VESCHI, J. L. A.

    2012-01-01

    Bactérias do gênero Staphylococcus estão entre os principais agentes causadores da mastite ovina. Um dos maiores entraves ao tratamento dos animais doentes são cepas resistentes aos antimicrobianos empregados. A pesquisa do gene mecA nos estafilococos é um instrumento auxiliar para a determinação de aspectos epidemiológicos da doença. Este trabalho teve por objetivo investigar a resistência à oxacilina em estafilococos coagulase-negativos isolados no leite de ovelhas com mastite subclínica. F...

  12. La estructura resistente en la arquitectura actual

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manterola Armisén, J.

    1998-10-01

    Full Text Available A significant portion in nowadays architecture uses the resistant structures as a fundamental element conveying expression to a building. Resistant structures usually designed, calculated and built by engineers are in some occasions -those that draw our attention now- designed by architects who stress the plastic dimension. Sometimes architects have just tried to soften the elementality of the resistance per se. To abandon the quantitative element to get centered in the qualitative and expressive is a leitmotiv in the architectural proceedings that has been brilliantly fruitful in many an occasion -notice Frei Otto's work among others- but that, in other cases, damages the understanding of the resistant aspect by excessively priorizing the structure appearance upon the structure itself. This article makes a critical account of a series of structures in recent buildings, classified by resistance typologies, flat or spatial trusses, frames, domes, hanging and distensible roofs, tensigrity structures, etc., preceded by a retrospect on how resistance has been traditionally understood.

    Una parte de la arquitectura actual se caracteriza por utilizar la estructura resistente como el elemento expresivo fundamental del edificio. Las estructuras resistentes, diseñadas, calculadas y construidas hasta ahora por ingenieros, han pasado, en algunas ocasiones -las que aquí nos interesan-, a ser diseñadas por arquitectos que acentúan su dimensión plástica. En otras ocasiones los arquitectos se han reducido a dulcificar la elementalidad de lo resistente en cuanto tal. El abandono de lo cuantitativo, para centrarse en lo cualitativo y expresivo, es el "leit motiv" de ese proceder arquitectónico que ha dado frutos muy brillantes en bastantes ocasiones, no hay sino que ver el trabajo de Frei Otto y otros, pero que, en otros casos, perjudican el entendimiento de lo resistente al primar, excesivamente, la apariencia de estructura sobre lo que es la

  13. Aplicação de estudos de QSAR-2D em derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos com atividade antimicrobiana frente a Staphylococcus aureus multi-resistente (MRSA 2D QSAR studies of 5-nitro-2-thiophylidene derivatives with antimicrobial activity against multidrug-resistant Staphylococcus aureus (MRSA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andrea Masunari

    2006-06-01

    Full Text Available O avanço de estudos de QSAR (Quantitative Structure-Activity Relationships como método de modificação molecular racionalmente planejada vem se constituindo, nos últimos anos, em alternativa bastante viável para o desenvolvimento de ligantes candidatos potenciais a fármacos. Sendo assim, aliando a excelente aplicabilidade deste método com o fenômeno de multi-resistência bacteriana, realizou-se, neste trabalho, o estudo, em duas dimensões, das relações quantitativas entre a estrutura química e a potência antimicrobiana de 5-nitro-2-tiofilideno benzidrazidas substituídas, considerando faixa de hidrofobicidade ótima pré-determinada experimentalmente. A aplicação da Análise de Hansch/Fujita possibilitou a determinação da influência de descritores estruturais de caráter físico-químico sobre a referida atividade, indicando ser a hidrofobicidade a propriedade de maior impacto no desempenho da atividade biológica analisada. Evidenciou-se, a partir das correlações obtidas, o forte potencial de derivados 5-nitro-2-tiofilidênicos como possível alternativa para o desenvolvimento racional, em nível molecular, de novos fármacos com atividade antimicrobiana.With the constant advance of QSAR (Quantitative Structure-Activity Relationships studies as molecular modification methodology, a frequent application of this procedure in many science areas was observed. Besides, the rational ligand development for many diseases has been growing in recent years. Thus, in order to ally these medicinal chemistry advances with the necessity to combat the high incidence of antibiotic-resistant microorganisms, the purpose of this study was the 2D-QSAR study of p-substituted 5-nitro-2-thiophylidene derivatives with antimicrobial activity against Staphylococcus aureus, considering hydrophobicity range experimentally determined. The statistical significant correlations obtained by Hansch/Fujita Analysis showed significant influence of

  14. Relação da idade na presença de bactérias resistentes a antimicrobianos em rebanhos leiteiros no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Waldemir Santiago-Neto

    2014-07-01

    Full Text Available A mastite bovina é uma doença importante na bovinocultura de leite, devido à sua alta incidência e perdas econômicas associadas principalmente com a produção de leite reduzida e aos custos do tratamento. O uso de antimicrobianos para o tratamento de casos clínicos e no período seco tem levantado preocupações quanto à seleção de cepas bacterianas resistentes. Isso também pode refletir na saúde pública, uma vez que bactérias resistentes, como o Staphylococcus aureus meticilina-resistente (MRSA, podem ser transmitidas aos seres humanos por contato direto com animais infectados ou produtos lácteos. A resistência das bactérias aos agentes antimicrobianos aumentou, em geral, devido a tratamentos ineficazes. Estudos realizados no Brasil com amostras não planejadas mostram aumento no padrão de resistência, principalmente em S. aureus. A exposição ao tratamento antimicrobiano repetido ao longo das lactações consecutivas de vacas pode ser um fator predisponente para o desenvolvimento da resistência antimicrobiana em bactérias que infectam o úbere. Assim, o objetivo deste estudo foi determinar a possível associação causal entre resistência antimicrobiana em bactérias isoladas a partir do leite bovino e dados como idade e período de lactação. As amostras de leite foram coletadas de 21 rebanhos leiteiros do Rio Grande do Sul, Brasil, selecionados aleatoriamente a partir da população-alvo de 1.656 explorações leiteiras semi-intensivas, estratificada por tamanho do rebanho. A bactéria foi considerada a unidade amostral, e para a estimativa de prevalência foram utilizados os seguintes parâmetros: uma frequência de 35% de Staphylococcus sp. resistentes à penicilina; um nível de confiança de 90%; e uma precisão absoluta de 12%. As bactérias foram isoladas de amostras de leite compostas de todos os quartos mamários de cada vaca após descartar os primeiros três ou quatro jatos de leite. Para acessar os

  15. Profile of SCCmec types in clinical isolates of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA in a hospital in Southern Brazil.Perfil dos tipos de SCCmec de isolados clínicos de Staphylococcus aureus resistentes a meticilina em um hospital do sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruna Gerardon Batista

    2016-03-01

    Full Text Available Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA is anopportunistic pathogen that affectspublic health representing the most common infections related to health care and community. MRSA infections are classified as health care-associated MRSA (HA-MRSA and community-associated MRSA (CA-MRSA defined by the bacteria genetic profile. This study conducts a molecular characterization of eighty-one MRSA isolates from a hospital in Porto Alegre, RS, Brazil, in a period from January to June of 2012. A multiplex PCR was performed to determine the SCCmec types. From the 81 isolates, 24 (30% were type I, 10 (12% type II, 21 (26% type III, 4 (5% type IVa, 12 (15% isolates were type IVc, 1 isolate was type I and IVc (1% and 1 was type III and IVc (1% simultaneously, while non-typable isolates corresponded to 8 isolates (10%. However most of the isolates were carrying SCCmec types related to HA-MRSA, the results reveal a change in the epidemiology, considering the decrease of the incidence of SCCmec type III and the increase of isolates being typed as SCCmec I.

  16. Germinação de sementes de populações de orelha-de-mula (Alisma Plantago-Aquatica resistentes e susceptíveis ao bensulfurão-metilo Seed germination of waterplantain (Alisma Plantago-Aquatica populations resistant and susceptible to bensulfuron-methyl

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel Calha

    2008-01-01

    Full Text Available Estudaram-se as condições mais adequadas à germinação de sementes de Alisma plantagoaquatica, susceptíveis (S e resistentes (R ao herbicida bensulfurão-metilo, de diferente origem. Analisou-se a taxa de germinação de 11 amostras de sementes provenientes de arrozais do Sado (2, do Sorraia (3 e do Baixo Mondego (6 em dois regimes de temperatura (15 ºC e 15/30 ºC; os estudos foram realizados com amostras de dois anos e incluíram uma amostra com três anos proveniente de arrozal do Sorraia. A regressão não linear pelo modelo log-logístico (SSlogis permitiu caracterizar as populações em estudo e compará-los quanto à idade, origem geográfica e resistência. Verificou-se que as sementes com três anos apresentaram menor capacidade germinativa (CG do que as sementes com dois anos. Não foi possível ajustar o modelo à população S do Sado nem a duas populações do Baixo Mondego, pela falta de maturidade das sementes. Verificou-se que nas populações S a germinação das sementes era independente do regime de temperatura, enquanto nas populações R, a germinação era favorecida por determinado regime de temperatura, consoante a sua origem geográfica. Assim a germinação das sementes da população do Baixo Mondego (região Centro foi favorecida pelo regime de alternância (15/30 ºC, enquanto a populações das bacias hidrográficas dos rios Sorraia e Sado (região Centro-Sul foram favorecidas pelo regime de temperatura constante (15 ºC. Considerando que, à temperatura de 15 ºC, as sementes das populações R dos arrozais do Centro-Sul do País apresentaram maior CG do que as da região Centro, esta característica pode ser aproveitada para implementar, naquela região, medidas de gestão da resistência durante a fase inicial do ciclo cultural do arroz quando as temperaturas são mais baixas.Seed germination of bensulfuron-methyl resistant (R and susceptible (S Alisma plantagoaquatica biotypes collected in rice fields from

  17. La estructura resistente de los edificios altos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manterola Armisen, Javier

    1985-06-01

    Full Text Available If we only think about the resistance problem, a building could be considered as a great vertical console. The resistant exigencies of this huge console are as pressing as the building grows up and its fitting to the functional needs are more difficult. This study reviews the different resistant typologies, from the normal porch structure of medium size buildings to the "tube into the tube" and total laminar structures corresponding to the higher buildings which are already built, or are to be built. It also makes an analysis on the manner in which each typology resist, and shows examples of constructed buildings.Si consideramos únicamente el problema resistente, un edificio alto podría considerarse como una gran ménsula vertical. Las exigencias resistentes de esta gran ménsula son más apremiantes conforme el edificio crece en altura y su acoplamiento a las necesidades funcionales del edificio más difícil. En este artículo se pasa revista a las diversas tipologías resistentes, desde la estructura aporticada normal de los edificios de altura moderada hasta el "tubo en el tubo" y estructuras laminares totales correspondientes a los más altos edificios construidos y por construir. Se hace un análisis de la forma de resistir de cada una de las tipologías ilustrándolas con ejemplos de edificios construidos.

  18. Tuberculose resistente: revisão molecular Resistant tuberculosis: a molecular review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Lúcia Rosa Rossetti

    2002-08-01

    Full Text Available O progresso na compreensão dos mecanismos de resistência aos fármacos usados no tratamento da tuberculose tem permitido o desenvolvimento de novos métodos para a detecção da tuberculose resistente. A resistente aos fármacos representa uma ameaça para os programas de controle da tuberculose. Para tanto, é necessário conhecer o padrão de sensibilidade das linhagens para fornecer o tratamento adequado. Os estudos moleculares dos mecanismos de ação dos fármacos antituberculose têm elucidado as bases genéticas da resistência aos fármacos em Mycobacterium tuberculosis. Os mecanismos de resistência aos fármacos na tuberculose são causados por mutações cromossomais em diferentes genes da bactéria. Durante a exposição aos fármacos, há uma pressão seletiva favorecendo o desenvolvimento de linhagens resistentes. A tuberculose multirresistente é um problema nacional e internacional que traz sérias dificuldades para o controle global da doença. Realizou-se uma revisão sobre os mecanismos moleculares associados à resistência aos fármacos com ênfase nas novas perspectivas para detectar os isolados resistentes.Progress to understanding the basis of resistance to antituberculous drugs has allowed molecular tests for detection of drug-resistant tuberculosis to be developed. Drug-resistant tuberculosis poses a threat to tuberculosis control programs. It is necessary thus to know drug susceptibilities of individual patient's strain to provide the appropriate drug combinations. Molecular studies on the mechanism of action of antituberculous drugs have elucidated the genetic basis of drug resistance in M. tuberculosis. The mechanisms of drug resistance in tuberculosis are a result of chromosomal mutations in different genes of the bacteria. Upon drug exposure there is a selective pressure for such resistant mutants. Multidrug-resistant tuberculosis is a health problem of increasing significance for the whole global community. This

  19. Susceptibility testing of Candida albicans isolated from oropharyngeal mucosa of HIV+ patients to fluconazole, amphotericin B and Caspofungin: killing kinetics of caspofungin and amphotericin B against fluconazole resistant and susceptible isolates Teste de suscetibilidade de Candida albicans isoladas da mucosa orofaringeana de pacientes HIV+, ao fluconazol, anfotericcina B e caspofungina: cinética de morte de caspofungina e anfotericina B contra isolados fluconazol resistentes e suscetíveis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janine de Aquino Lemos

    2009-03-01

    morte obtidos com caspofungina e anfotericina B de isolados suscetíveis e resistentes ao fluconazol. Os resultados de CIM mostraram que todos os isolados de Candida albicans foram altamente suscetíveis à anfotericina B, entretanto dois isolados foram fluconazol resistentes. A análise comparativa de CIM e da CFM mostrou que o CFM de fluconazol foi quatro vezes superior à CIM para 41,9% dos isolados de Candida albicans. Valores iguais de CFM e CIM de anfotericina B e caspofungina foram encontrados para 71% dos isolados. Correlação entre a curva do tempo de morte e a CFM de anfotericina B e caspofungina contra quatro isolados testados foi observada. O efeito de morte de caspofungina foi mais evidente na CFM até 6 horas de incubação do que na CIM nesse mesmo tempo, sugerindo a dependência da concentração. A similaridade dos resultados da curva do tempo de morte e os valores de CFM indicam que a determinação da CFM é uma escolha alternativa na detecção da atividade fungicida destes agentes antifúngicos.

  20. Antibacterial activity of plant extracts and phytochemicals on antibiotic-resistant bacteria Atividade de extratos vegetais e fitofármacos sobre bactérias resistentes a antibióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Gislene G. F. Nascimento

    2000-10-01

    étodo de difusão em agar, foram utilizadas 14 amostras de microrganismos: 1 levedura (Candida albicans, 5 bactérias sensíveis (Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa, Bacillus subtilis, Proteus spp e 8 bactérias resistentes a antibióticos isoladas de ambiente hospitalar (2 amostras diferentes de Klebsiella pneumoniae, Shigella spp, Proteus spp, Pseudomonas aeruginosa, Enterobacter aerogenes, Escherichia coli e Staphylococcus aureus. A determinação do CIM e sinergismo foram realizados pela incorporação dos extratos e antibióticos aos meios de culturas liquidos. O maior potencial antimicrobiano foi verificado para os extratos de cravo e jambolão que inibiram, respectivamente, 64,2 e 57,1% dos microrganismos, inclusive com maior atividade sobre os microrganismos resistentes a antibióticos (83,3%. Associação de antibióticos e extratos vegetais ou fitofármacos, sobre bactérias resistentes a antibióticos, mostrou que em alguns casos ocorreu sinergismo, possibilitando que antibióticos já ineficazes apresentassem ação sobre estas bactérias. Os dados obtidos no presente trabalho permitem concluir que estudos mais detalhados sobre o uso terapêutico das plantas devem ser intensificados, principalmente sobre bactérias resistentes a antibióticos, seja na sua ação individual ou em menores concentrações associados com antibióticos.

  1. Antimicrobial resistance profile of Staphylococcus aureus isolates obtained from skin and soft tissue infections of outpatients from a university hospital in Recife -PE, Brazil Perfil de resistência antimicrobiana de isolados de Staphylococcus aureus provenientes de infecções de pele e tecidos moles de pacientes ambulatoriais de um hospital universitário em Recife - PE, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiana Beserra Caraciolo

    2012-12-01

    tornando importante também fora do ambiente hospitalar, particularmente nos Estados Unidos. No Brasil, desde 2005, têm sido relatados casos de infecções cutâneas comunitárias causadas por MRSA, porém estudos de resistência envolvendo pacientes ambulatoriais são escassos. OBJETIVO: Conhecer o perfil de resistência de S. aureus envolvidos em infecções de pele e partes moles de pacientes atendidos no ambulatório de Dermatologia de um hospital universitário de Recife, Pernambuco. MÉTODO: Estudo prospectivo envolvendo 30 pacientes com infecções de pele e tecidos moles atendidos no ambulatório de Dermatologia de maio a novembro de 2011. Para avaliação da suscetibilidade dos S. aureus aos antibióticos foram utilizados teste de disco-difusão e placa de screening de oxacilina. RESULTADOS: Das 30 amostras analisadas, 19 (63% tiveram cultura positiva para S. aureus. Os seguintes padrões de resistência dos S. aureus foram observados: penicilina, 95%; tetraciclina, 32%; eritromicina, 21%; gentamicina, 16%; cefoxitina, 11%; oxacilina, 11%; sulfametoxazol-trimetoprima, 11%; clorafenicol, 11%; clindamicina, 5%; e ciprofloxacina, 0%. Um dos MRSA identificados foi obtido de paciente sem fatores de risco para sua aquisição, e além de aos betalactâmicos, mostrou-se resistente apenas à tetraciclina. CONCLUSÕES: Em relação aos padrões de resistência dos S. aureus, destacaram-se as resistências à tetraciclina, eritromicina e gentamicina. Documentou-se, pela primeira vez em Pernambuco, um caso de infecção cutânea causada por MRSA associado à comunidade.

  2. Colonização microbiana precoce de pacientes identificados por triagem neonatal para fibrose cística, com ênfase em Staphylococcus aureus Early microbial colonization of cystic fibrosis patients identified by neonatal screening, with emphasis on Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena A. P. H. M. Souza

    2006-10-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar prospectivamente a colonização bacteriana de pacientes com fibrose cística identificados por triagem neonatal. Avaliar a suscetibilidade a antimicrobianos e caracterizar molecularmente as cepas de Staphylococcus aureus isoladas da orofaringe dos pacientes no período do estudo. MÉTODOS: Foram estudados 25 pacientes com fibrose cística, identificados por tripsina imunorreativa e com diagnóstico confirmado por duas ou mais provas de suor, atendidos regularmente no ambulatório de fibrose cística do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. Foram coletadas amostras de orofaringe com swab e cultivadas por métodos rotineiros; as colônias bacterianas foram identificadas fenotipicamente e testadas quanto à suscetibilidade a antimicrobianos. Os isolados de S. aureus foram submetidos a tipagem molecular por eletroforese em campo pulsado. RESULTADOS: De um total de 234 amostras de orofaringe, S. aureus foi isolado em maior número (76% dos pacientes, 42% das amostras, seguido de Pseudomonas aeruginosa (36% dos pacientes, 16% das amostras e Haemophilus spp. (76% dos pacientes; 19% das amostras. Dos 19 pacientes colonizados com S. aureus, foram obtidos 73 isolados, 18 oxacilina-resistentes (24,6%, isolados de dois pacientes, com perfis eletroforéticos idênticos ao do clone brasileiro. Os demais isolados oxacilina-sensíveis distribuíram-se entre 18 perfis eletroforéticos distintos. CONCLUSÃO: Observou-se uma maior prevalência de S. aureus, com isolamento mais precoce em relação aos outros patógenos pesquisados. Os isolados multissensíveis distribuíram-se em clones distintos, caracterizando a não transmissibilidade entre as cepas comunitárias. Os S. aureus resistentes a oxacilina isolados apresentaram perfis eletroforéticos idênticos, provavelmente adquiridos no ambiente hospitalar. P. aeruginosa foi pouco freqüente na população estudada.OBJECTIVES: To assess bacterial colonization prospectively

  3. Efeito da seleção em terreno naturalmente infestado pela fusariose no melhoramento de variedades de algodoeiro resistentes ao patógeno The improvement of cotton varieties resistant to fusarium wilt by means of plant selection in naturally infested soils

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Popilio A. Cavaleri

    1968-01-01

    Full Text Available A seleção individual de plantas em terrenos naturalmente infestados pela "murcha", moléstia provocada por Fusarium oxysporumf. vasinfectum (Atk. Snyder & Hansen, e subseqüente teste de progênies em semelhantes condições, mostrou ser método viável no melhoramento de variedades resistentes a essa moléstia. A variedade IAC RM4, cuja obtenção através dêsse método é descrita, suplantou a variedade original Auburn 56, em 17 ensaios regionais, não só em resistência à moléstia como em tôdas as características de valor cultural e tecnológicas. É discutida a conveniência de o trabalho de seleção ser feito em terrenos naturalmente infestados, localizados nas zonas produtoras de algodão, tendo em vista a necessidade de efetuar grande número de seleções individuais, para que um melhoramento efetivo, considerado em todos os aspectos, além da resistência à moléstia, possa ser obtido.Individual plant selection, followed by progeny tests, in naturally infested soil located in cotton growing areas of the State of São Paulo, revealed to be a viable method to improve cotton varieties, resistant to Fusarium wilt. IAC RM4 variety, obtained by this method, was superior to the paternal variety, Auburn 56, in fiber and agronomic characteristics, besides resistance to Fusarium wilt. The effectivenness of this method is discussed on the basis of the great number of plants that is possible to be selected, a factor which is limitant in the case of artificial inoculation.

  4. Comprobaciones resistentes de elementos constructivos de tierra

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Estrada, Enrique

    1986-11-01

    Full Text Available This work has the purpose to compare, by means of different tests on adobe bricks and masonry, the obtained resistant properties and those of other similar works carried out in countries having a wide tradition and knowledge about earth as construction material. Elements (adobe bricks and blocks have been tested to compression and bending, and masonry made of those elements to compression and diagonal compression.El presente trabajo pretende comparar, por medio de distintos ensayos sobre elementos y fábricas de mampostería de tierra, las propiedades resistentes obtenidas con las de otros trabajos similares realizados en países con dilatada tradición y conocimiento de la tierra como material de construcción. Se han ensayado elementos (adobes y bloques a compresión y flexotracción y fábricas formadas por conjuntos de los mismos a compresión y a compresión diagonal.

  5. Caracterização de genótipos de tomateiro resistentes a begomovírus por marcador molecular co-dominante ligado ao gene Ty-1 Fingerprinting of tomato genotypes resistant to begomovirus by a codominant molecular marker linked to Ty-1 gene

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daniela Aparecida de Castro Nizio

    2008-12-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar genótipos de tomateiro, quanto à resistência a begomovírus, e caracterizar, por meio do marcador molecular SSR-47, híbridos de tomate de mesa portadores do alelo de resistência ao begomovírus Ty-1, com potencial comercial. Os 24 híbridos experimentais, heterozigotos no loco Ty-1, depois de infectados via enxertia, apresentaram sintomas intermediários, em comparação aos identificados pelas linhagens homozigotas Ty-1/Ty-1 e pelos genótipos suscetíveis Ty-1+/Ty-1+, o que indica a dominância incompleta do alelo Ty-1. Esses híbridos foram considerados como parcialmente tolerantes a begomovírus. Os híbridos experimentais TEX-246, TEX-261, TEX-253, TEX-256, TEX-262, TEX-252, TEX-251 e TEX-268 aliaram médias elevadas de produção total e de massa média dos frutos; e os híbridos TEX-246, TEX-253, TEX-256, TEX-262 e TEX-252 apresentaram valores elevados também para meia-vida da firmeza e foram, portanto, considerados competitivos em comparação aos padrões comerciais usados como testemunhas. O marcador molecular SSR-47 foi eficiente em caracterizar genótipos portadores do alelo Ty-1. A infecção do begomovírus, induzida via enxertia, manifestou sintomas, nos genótipos testados, condizentes com os resultados obtidos com o marcador molecular SSR-47.The objectives of this study were to evaluate tomato genotypes for begomovirus resistance and to assess SSR-47 fingerprinting patterns associated with alleles Ty-1, in hybrids of fresh-market tomato with commercial potential. Twenty-four experimental genotypes, heterozygous at Ty-1 locus, were infected with begomovirus via grafting, and showed intermediate symptoms compared to the ones identified by homozygous Ty-1/Ty-1 lines and by susceptible genotypes Ty-1+/Ty-1+, which indicates the incomplete dominance of the Ty-1 allele. These hybrids were considered to possess partial resistance to begomovirus. The experimental hybrids TEX-246, TEX-261, TEX

  6. Spontaneous kanamycin-resistant Escherichia coli mutant with altered periplasmic oligopeptide permease protein (OppA and impermeability to aminoglycosides Mutante espontâneo de Escherichia coli resistente à canamicina com expressão de oligopeptídeo permease periplasmática (OppA alterada e impermeabilidade aos aminoglicosídeos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica B. Rodriguez

    1999-04-01

    Full Text Available A spontaneous kanamycin-resistant Escherichia coli mutant, showing cross resistance to five other aminoglycosides and absence of the OppA protein was isolated. [3H]-dihydrostreptomycin uptake is reduced in this mutant, implying that the oligopeptide transport system is involved in accumulation of aminoglycosides, although apparently not related with aminoglycoside permeability alteration due to bacterial adaptation to osmotic changes.Um mutante espontâneo de Escherichia coli foi selecionado com canamicina e mostrou resistência cruzada a cinco outros aminoglicosídeos e ausência da proteína OppA. A incorporação de diidroestreptomicina tritiada mostrou-se reduzida nesse mutante, implicando que o sistema de transporte de oligopeptídeos está envolvido na acumulação de aminoglicosídeos, embora aparentemente não esteja relacionado com a alteração de permeabilidade aos aminoglicosídeos decorrente da adaptação bacteriana a mudanças osmóticas.

  7. Perfil de resistência antimicrobiana de isolados de Staphylococcus aureus provinientes de infecções de pele e tecidos moles de pacientes ambulatoriais

    OpenAIRE

    Beserra Caraciolo, Fabiana

    2011-01-01

    O Staphylococcus aureus possui uma notável habilidade de adquirir resistência antimicrobiana, sendo a resistência à meticilina um problema de saúde pública crescente. O Staphylococcus aureus resistente à meticilina vem se tornando importante também fora do ambiente hospitalar, particularmente nos Estados Unidos. No Brasil, desde 2005, têm sido relatados casos de infecções cutâneas comunitárias causadas por Staphylococcus aureus resistente à meticilina, porém estudos de resistência envolvendo ...

  8. Amido resistente obtido a partir de amido de leguminosas e de seus hidrolisados

    OpenAIRE

    2009-01-01

    O amido resistente (AR) é a fração do amido que não sofre a ação das enzimas digestivas, apresentando comportamento semelhante ao da fibra dietética. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o teor e as características dos AR obtidos a partir dos amidos de ervilha e de grão-de-bico por diferentes processos de redução de massa molecular. Os amidos naturais ou gelatinizados foram submetidos a processos de hidrólise ácida (HCl 2 M por 2,5 h) ou enzimática (pululanase, 40 U/g por 10 h) previam...

  9. Forekomst af resistente bakterier og forbrug af antibiotika til hunde

    DEFF Research Database (Denmark)

    Pedersen, Karl; Pedersen, Kristina; Jensen, Helene;

    2007-01-01

    ), Pasteurella multocida (n=25), Bordetella bronchiseptica (n=14), Proteus spp. (n=29), og E. coli (n=449). I undersøgelsen anvendtes data fra VetStat databasen. Størstedelen af de antibiotika, der bruges til hunde er bredspektrede. Penicilliner med udvidet spektrum, cephalosporiner samt sulphonamider...... penicillin, 30,2% overfor fucidin og 27,9% overfor macrolider. E. coli isolaterne var mest resistente overfor ampicillin, sulphonamider, trimethoprim, tetracykliner og streptomycin, og anhæmolytiske isolater var oftere resistente overfor tetracykliner, trimethoprim og chloramphenikol end hæmolytiske isolater...

  10. Frecuencia de aislamiento de Staphylococcus spp meticilina resistentes y Enterococcus spp vancomicina resistentes en hospitales de Cuba Frequency of methicilline-resistant Staphylococcus spp and vancomycin-resistant Enterococcus spp isolates in Cuban hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonora González Mesa

    2005-12-01

    Full Text Available La resistencia a meticilina en el género Staphylococcus spp es un problema creciente en el ámbito mundial. La producción de una PBP alterada (PBP2a con baja afinidad a betalactámicos, mediada por el gen mec A, es la responsable de esta resistencia. Mientras que los Staphylococcus spp todavía permanecen sensibles a vancomicina, algunos Enterococcus spp han adquirido la capacidad de neutralizar esta droga. En nuestro país no se conocen datos actualizados sobre la tasa de infección por S. aureus meticilina resistente (SAMR, ni sobre la circulación de este germen en la comunidad, tampoco existen reportes de Enterococcus spp vancomicina resistente (EVR. En este estudio fueron analizadas 774 cepas, colectadas en hospitales del país. Se determinó el mecanismo de resistencia utilizando métodos sugeridos por las guías NCCLS. El 9.3 % (23 de los S. aureus aislados en los hospitales y 4.0% (7 S. aureus aislados en la comunidad, fueron SAMR, portadores del gen mec A, el 69.9 % (72 de Staphylococcus coagulasa negativo, fueron resistentes a oxacilina. En la detección del Enterococcus spp vancomicina resistente (EVR, se encontró una cepa portadora de este fenotipo. Nuestros resultados revelan que en nuestro país los SAMR no son un problema en los hospitales, ni en el ambiente comunitario, a pesar de que se reporta por primera vez la circulación de estos en la comunidad y la circulación de EVR en el ambiente hospitalario, su frecuencia es muy baja lo que refleja los avances obtenidos en la aplicación de políticas encaminadas a racionalizar el uso y consumo de antibióticos.Resistance to methicilline in Staphylococcus spp genus is a growing problem worldwide. The production of an altered penicillin-fixing protein with low mecA gen-mediated affinity to beta-lactams is responsible for this resistance. Although Staphylococcus spp still remain susceptible to vancomycin, some Enterococcus spp have acquired the capacity of neutralizing this drug. In

  11. Plantas transgênicas resistentes a insetos e organismos não-alvo: predadores, parasitóides e polinizadores - doi: 10.5102/ucs.v4i1.23

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marina Regina Frizzas

    2008-04-01

    Full Text Available Plantas geneticamente modificadas resistentes aos insetos oferecem benefícios à agricultura moderna. No entanto, esta tecnologia pode afetar o controle biológico natural e a biodiversidade por meio de efeitos diretos e indiretos das plantas transgênicas sobre o valor adaptativo e comportamental de predadores, parasitóides, polinizadores e outros artrópodes não-alvo. Neste artigo, são discutidos os impactos ou os efeitos potenciais de plantas transgênicas resistentes a insetos sobre organismos não-alvo, com ênfase em artrópodes predadores, parasitóides e polinizadores, e os principais estudos com plantas transgênicas resistentes a insetos, publicados nos últimos dez anos.

  12. Haemonchus resistente a lactona macrocíclica em caprinos naturalmente parasitados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mattos Mary Jane Tweedie de

    2004-01-01

    Full Text Available O ivermectin, antiparasitário amplamente utilizado em caprinos jovens, foi avaliado sobre nematódeos gastrintestinais, em todas as fases parasitárias. Doze caprinos jovens, naturalmente parasitados foram utilizados no experimento, sendo um grupo de seis animais medicado com ivermectin, na dose de 200µg.kg-1 v.o. e o outro grupo utilizado como controle. Para a avaliação, utilizou-se o teste de redução na contagem de ovos (FECR, redução de larvas infectantes e carga parasitária. Amostras fecais de caprinos foram coletadas no dia da medicação (dia zero, aos sete e catorze dias. No décimo quarto dia pós-medicação, todos os caprinos foram sacrificados, para a coleta de helmintos e cálculo da carga parasitária total. A redução do número de ovos (FECR e a eficácia sobre adultos foi de 42,10 % e 32,62 %, respectivamente.O gênero Haemonchus representou 100 % da população do grupo medicado e 99,58 % do grupo controle. Estes resultados indicam que os caprinos já estavam parasitados por Haemonchus resistente ao ivermectin.

  13. Resistência à mupirocina entre isolados de Staphylococcus aureus de profissionais de enfermagem Resistencia al mupirocin en cepas aisladas de Staphylococcus aureus de profesionales de enfermería Mupirocin-resistant Staphylococcus aureus in samples belonging to professional nurses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Josely Pinto de Moura

    2010-06-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Avaliar a colonização por Staphylococcus aureus sensíveis e resistentes à meticilina na saliva de profissionais de enfermagem e o perfil de resistência à mupirocina. MÉTODOS: Foram coletadas três amostras da saliva de 356 (94,2% profissionais participantes da pesquisa, totalizando 1.068 amostras processadas. Todos os aspectos éticos foram contemplados. A análise microbiológica compreendeu a identificação fenotípica, segundo normas do Clinical and Laboratory Standards Institute. RESULTADOS: Foram obtidos 73 indivíduos colonizados por Staphylococcus aureus na primeira coleta, 48 na segunda e 37 na terceira, somando 158 isolados de Staphylococcus aureus. Desses, 24 (15,2% eram resistentes à oxacilina e 30 resistentes à mupirocina (18,9%. A resistência à mupirocina foi observada de forma pronunciada nos Staphylococcus aureus metacilina resistente (MRSA; dos 24 MRSA, 17 (70,8% apresentaram-se resistentes a este antimicrobiano. CONCLUSÃO: Os resultados indicaram que a resistência à mupirocina é um importante problema, pois esse antibiótico é um excelente aliado nas medidas de controle das infecções de serviços de saúde.OBJETIVOS: Evaluar la colonización por Staphylococcus aureus sensibles y resistentes al meticilín en la saliva de profesionales de enfermería y, reconocer el perfil de resistencia a la mupirocina. MÉTODOS: Fueron recolectadas tres muestras de saliva de 356 (94,2% profesionales participantes de la investigación, totalizando 1.068 muestras procesadas. Todos los aspectos éticos fueron contemplados. El análisis microbiológico comprendió la identificación fenotípica, según normas del Clinical and Laboratory Standards Institute. RESULTADOS: Fueron obtenidos 73 individuos colonizados por Staphylococcus aureus en la primera recolección, 48 en la segunda y 37 en la tercera, sumando 158 muestras aisladas de Staphylococcus aureus. De esas, 24 (15,2% eran resistentes a la oxacilina y 30

  14. Stpahylococcus aureus biofilms on central venous haemodialysis catheters Biofilmes de Staphylococcus aureus em cateter venoso central em hemodiálise

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Elisabeth Eyko Aoki

    2005-12-01

    Full Text Available Biofilm bacterial infections are common in patients undergoing treatment with haemodialysis. This study involved 16 patients (7 males, 9 females; ages from 22 to 81 with an average age of 50 who had had a total of 25 temporary haemodialysis polyurethane catheter insertions into the subclavian vein (22 dual-lumen and 3 triple-lumen. The catheters remained in place from 3 to 91 days, on an average of 47 days. The reasons for catheter removal were: bad functioning (44%, suspicion of catheter-related infection (20%, availability of permanent access (16%, accidental removal (12%, signs and symptoms of infection at the site of catheter insertion (4%, and exogenous contamination (4%. Positive tip cultures were observed on seven of the catheters (28%, showing three positive blood cultures. The Staphylococcus aureus were identified in 12% of the blood cultures and isolated from one of the hubs, and biofilms were observed on all catheter tips. The S. aureus retrieved from both blood and catheters (tips and hubs were resistant to penicillin and susceptible to azithromycin, ciprofloxacin, clindamycin, chloramphenicol, gentamicin, oxacillin, rifampin, sulfamethoxazole, tetracycline, and vancomycin. The S. aureus strains isolated from both blood and catheters (tips and hubs were considered to be identical based on antibiotic susceptibility patterns and genetic similarity assessed using an automated ribotyping system.As infecções devido a biofilmes bacterianos são comuns em pacientes sob tratamento em hemodiálise. Neste estudo, 16 pacientes (7 homens, 9 mulheres, de 22 a 81 anos, média 50 anos de idade, com um total de 25 cateteres de hemodiálise (3 de triplo-lúmen e 22 de duplo-lúmen de poliuretano inseridos em veia subclávia foram estudados. Os cateteres permaneceram no local de 3 a 91 dias (média de 47 dias. Os cateteres foram removidos devido ao: mau funcionamento (44%, suspeita de infecção relacionada ao cateter (20%, viabilidade de um acesso

  15. Antibiotic activity of the extract of Punica granatum Linn. over bovine strains of Staphylococcus aureus Atividade antimicrobiana do extrato de Punica granatum Linn. em linhagens de Staphylococcus aureus de origem bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria A. R. Silva

    2008-06-01

    Full Text Available Human and veterinary medicines have not been so well succeeded in order to achieving their goals concerning the treatment of infections for long term caused by Staphylococcus aureus linked to resistance development against antibiotic agents. The antibiotic activity of the Punica granatum Linn. fresh fruit pericarp extract was evaluated by the agar diffusion method on 38 S. aureus strains, isolated from apparently healthy lactating cows in farms situated in counties of the semi-arid region of the State of Paraíba, Brazil to determine the minimum inhibitory concentration (MIC. Twenty-two of the thirty-eight strains are penicillin-resistant (PRSA. The extract of P. granatum presented potential antibiotic action over all the assayed strains, forming 10 to 36 mm diameter inhibition zones. This paper's results claim the effectiveness of the extract of P. granatum as a potential antibacterial agent on S. aureus, and display the significance of evaluating new substances with antimicrobial potential, which can contribute to alternative therapeutics for veterinary and medicine.A medicina humana e veterinária tem falhado no tratamento de infecções em longo prazo causadas por Staphylococcus aureus associadas ao desenvolvimento de resistência a agentes antimicrobianos. A atividade antimicrobiana do extrato da casca do fruto de Punica granatum Linn. foi avaliada sobre 38 linhagens de S. aureus de origem bovina para a determinação da concentração inibitória mínima (CIM. Das 38 linhagens ensaiadas, 22 são resistentes à penicilina.(PRSA. O extrato de P. granatum apresentou potencial ação antimicrobiana sobre todas as linhagens ensaiadas formando halos de inibição variando de 10 a 36 mm de diâmetro. Os resultados deste estudo confirmam a eficácia do extrato de P. granatum como potencial agente antibacteriano sobre S. aureus e demonstram a importância de se avaliar novas substâncias com potencial antimicrobiano, o que pode contribuir para a

  16. Electroconvulsive therapy in treatment-resistant mania: case reports A Eletroconvulsoterapia no tratamento da mania resistente: relatos de casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcia Britto de Macedo Soares

    2002-02-01

    Full Text Available Electroconvulsive therapy is known to be effective in the treatment of mood disorders, more specifically for depression and mania. Although a large body of evidence confirms the efficacy of electroconvulsive therapy in the treatment of mania, few prospective studies have been done to assess its effectiveness in treatment-resistant manic episodes. These case reports describe the initial results of a study that is being conducted to evaluate the efficacy of Electroconvulsive therapy among treatment-resistant bipolar patients. METHODS: Three manic patients (according to DSM-IV criteria who were considered treatment-resistant underwent a series of 12 bilateral Electroconvulsive therapy sessions. Before the treatment and then weekly, they were evaluated with the following rating scales: Young Mania Rating Scale, Hamilton Rating Scale for Depression, Brief Psychiatric Rating Scale, and Clinical Global Impressions-Bipolar Version. RESULTS: The 3 patients showed a satisfactory response to Electroconvulsive therapy, although some differences in the course of response were observed. CONCLUSION: These case reports suggest that Electroconvulsive therapy needs further evaluation for the treatment of resistant bipolar patients.A Eletroconvulsoterapia é uma alternativa reconhecidamente eficaz no tratamento dos transtornos do humor. Embora vários estudos tenham confirmado a eficácia desta modalidade terapêutica no tratamento da mania aguda, poucos estudos foram realizados em pacientes maníacos resistentes à farmacoterapia. Esses relatos de casos descrevem resultados preliminares de um projeto de pesquisa que tem por objetivo avaliar a eficácia da Eletroconvulsoterapia no tratamento de transtornos bipolares resistentes. MÉTODOS: Três pacientes com diagnóstico de mania (de acordo com os critérios do DSM-IV, considerados resistentes ao tratamento medicamentoso, foram submetidos a 12 aplicações bilaterais de Eletroconvulsoterapia. Antes do tratamento e

  17. Amido resistente: características físico-químicas, propriedades fisiológicas e metodologias de quantificação

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Walter Melissa

    2005-01-01

    Full Text Available Encontrado em diversos alimentos, o amido é a mais importante fonte de carboidratos da dieta. Potencialmente digerível pelas enzimas no trato gastrintestinal, é absorvido na forma de glicose no intestino delgado. Apesar disso, quantidade significativa de amido pode escapar a esta digestão, alcançando o cólon, onde é fermentado pela flora bacteriana. Esta fração, conhecida como amido resistente, tem sido intensamente estudada nos últimos anos devido aos potenciais benefícios à saúde humana. Vários métodos são utilizados para a determinação do amido resistente. Porém, nenhum é de aceitação unânime, uma vez que apresentam diferenças importantes nos protocolos e nos resultados obtidos. Neste contexto, o presente trabalho visa fornecer subsídios para um melhor entendimento sobre as características físico-químicas, propriedades metabólicas e fisiológicas, bem como, sobre as variações nas metodologias existentes para a determinação do amido resistente.

  18. Subenxertia da goiabeira 'Paluma' com araçazeiros resistentes a Meloidogyne enterolobii (sin. M. mayaguensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Renata Rodrigues Robaina

    2012-09-01

    Full Text Available Estudos anteriores demonstraram resistência ou imunidade ao nematoide Meloidogyne enterolobii em araçazeiros (Psidium cattleyanum Sabine, mas não foi encontrada essa resistência em goiabeiras. O objetivo deste trabalho foi avaliar a subenxertia entre a goiabeira 'Paluma' e araçazeiros, como um meio de obter goiabeiras resistentes ao nematoide. Oitenta plântulas da goiabeira 'Paluma', produzidas por estaquia, foram conduzidas em vasos de 5 litros (uma por vaso até que atingissem 8 mm à altura de 10 cm do colo para serem subenxertadas. Os subenxertos (acessos dos araçazeiros 115; 116; 117 e goiabeira foram produzidos por mudas seminíferas. Ao lado de cada muda de goiabeira 'Paluma' (copa, foram transplantadas duas mudas seminíferas de araçazeiros ou de goiabeiras. A subenxertia foi feita por um corte em bisel e introdução do subenxerto de uma das plantas laterais sob a casca da goiabeira 'Paluma'. A outra planta lateral foi despontada na mesma época e utilizada como uma testemunha. Foram efetuadas avaliações a cada 20 dias quanto ao crescimento em diâmetro do caule (da copa, do subenxerto e da testemunha. O pegamento na subenxertia da goiabeira 'Paluma' com os araçazeiros foi inferior ao pegamento observado quando o subenxerto utilizado foi a própria goiabeira. Após o pegamento, em muitos casos, a conexão vascular não foi estabelecida com sucesso e não houve estabelecimento de conexões vasculares funcionais entre alguns subenxertos produzidos com araçazeiros ou com a própria goiabeira, o que foi comprovado pela baixa sobrevivência da copa após o corte de seu sistema radicular. A subenxertia deve ser mais bem investigada para a introdução de um porta-enxerto à goiabeira.

  19. Avaliação in vitro de uma cepa de campo de Boophilus microplus (Acari : Ixodidae resistente à amitraz

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Santamaría Vargas Minerva

    2003-01-01

    Full Text Available O uso dos acaricidas químicos ainda se constitui no principal instrumento de controle do carrapato bovino Boophilus microplus. No sul do Brasil, o amitraz aplicado por imersão e aspersão é o ingrediente ativo mais utilizado, nos últimos anos, contra as cepas de carrapatos resistentes aos organofosforados (OF e piretróides sintéticos (PS. Em conseqüência, torna-se importante a realização de investigações que possam contribuir para prolongar a vida útil desse ixodicida. No presente estudo, foi analisado o comportamento toxicológico de uma cepa de B. microplus colhida na localidade de Alegrete, Rio Grande do Sul, usando-se químicos da família dos OF, PS, misturas OF/PS, além do amitraz. Os resultados indicaram que a cepa denominada "Santa Luiza" apresentou fatores de resistência (FR que variaram entre 2,3 e 3,95 para OF, 23,3 e 147,56 para PS e de 3,76 a 21.57 para amitraz em testes realizados com larvas de carrapatos. A caracterização e purificação de uma cepa de B. microplus resistente ao amitraz permitem seu uso como cepa de referência para a avaliação biológica de ixodicidas alternativos, além de padronizar e validar métodos de diagnósticos toxicológicos que possam detectar resistência frente a esse acaricida.

  20. Multiple drug resistant Staphylococcus aureus strains isolated from a fish market and from fish handlers Multiresistência a antimicrobianos de cepas de Staphylococcus aureus isoladas de uma feira de pescado e de seus manipuladores

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.F. Albuquerque

    2007-03-01

    Full Text Available The aim of this study was to investigate the presence of antibiotic resistant Staphylococcus aureus strains in fish stalls and in hands and nasal and oral cavities of fish handlers of the Mucuripe Fish Market, Fortaleza, Ceará, Brazil. All S. aureus isolates were resistant to Ampicillin and 44 % were multi-drug resistant.O objetivo da pesquisa foi investigar a presença de Staphylococcus aureus resistente a antibióticos nos boxes de venda de peixe e nas mãos e cavidades nasal e oral de manipuladores de pescado da Feira de Pescado do Mucuripe, Fortaleza, Ceará. Todas as cepas isoladas foram resistentes à ampicilina e 44% apresentaram multiresistência.

  1. Variabilidades fenotípica e genotípica de estirpes de Staphylococcus aureus isoladas em casos de mastite subclínica bovina Phenotypic and genotypic variabilities of Staphylococcus aureus strains isolated from bovine subclinical mastitis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciano Menezes Ferreira

    2006-08-01

    Full Text Available Foram submetidas a PCR-Ribotipagem e aos testes de sensibilidade in vitro frente a 12 antimicrobianos 77 estirpes de Staphylococcus aureus isoladas em amostras de leite procedentes de 40 vacas da raça holandesa que apresentaram mastite subclínica, em uma propriedade rural localizada no Estado de São Paulo, Brasil. Os resultados obtidos revelaram quatro diferentes padrões de resistência a antimicrobianos, sendo observada a predominância de resistência à lincomicina entre 19 (24,7% estirpes de S.aureus. As 58 (75,3% estirpes restantes foram sensíveis aos 12 antimicrobianos testados. A PCR-ribotipagem revelou a ocorrência de nove padrões genotípicos distintos, além de apresentar uma capacidade discriminatória maior (D = 0,82 que a obtida nos antibiogramas (D = 0,42. Entre as 19 estirpes resistentes aos antimicrobianos, 14 (73,7% foram agrupadas em três padrões de ribotipagem e, destas, 13 (92,9% apresentaram resistência à eritromicina e à lincomicina, isoladamente ou em associação. O grande número de ribotipos e de padrões de resistência a antimicrobianos observados nesta propriedade demonstrou que há grande heterogeneidade genética em populações naturais de S. aureus, fato este que deve ser levado em consideração em programas de controle da mastite bovina.Seventy-seven S. aureus strains, isolated in milk samples obtained from 40 Holstein cows suffering from subclinical mastitis in a dairy herd in the state of São Paulo - Brazil, were undergone to PCR-ribotyping and in vitro susceptibility testing to 12 antimicrobial drugs. PCR-ribotyping revealed nine different patterns and presented a higher discriminatory power (D = 0.82 in comparison with the in vitro antibiotic susceptibility test (D = 0.42. Moreover,, the results showed four antibiotic resistance patterns, with the resistance to lincomycin being the most predominant and comprising 19 (24.7% S. aureus strains. The other 58 (75.3% isolates were sensitive to all

  2. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas Weed resistance to herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro J. Christoffoleti

    1994-01-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas ocorre em função de um processo evolutivo. O desenvolvimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é imposto pela agricultura moderna, através da pressão de seleção causada pelo uso intensivo dos herbicidas. O conhecimento dos mecanismos e fatores que favorecem o aparecimento de biótipos de plantas daninhas resistentes é fundamental para que técnicas de manejo sejam utilizadas no sentido de evitar ou retardar o aparecimento de plantas resistentes em uma área. São poucos os relatos ou citações de literatura no Brasil. Sendo assim, este trabalho de revisão procura relatar os principais avanços e descobertas na área de plantas daninhas resistentes aos herbicidas.Weed herbicide resistance has evolved from weed evolution. The modern agriculture is responsible for this evolution because of the intensive use of herbicides. The knowledge of mechanisms and factors that influence the weed herbicide resistance play an important role in the weed manegement techniques used to avoid or delay herbicide resistance appearence. There are not many report or scientific papers about herbi cide resistance in Brasil. Therefore, this literature review aims to provide information about the main advances and discoveries in the field of weed herbicide resistance.

  3. Resistência de biótipos de arroz-vermelho aos herbicidas imazapyr + imazapic e alternativas de controle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Salles Rubin

    2014-10-01

    Full Text Available O uso intenso de herbicidas com o mesmo mecanismo de ação na cultura do arroz (Oryza sativa L. tem selecionado biótipos resistentes, como, por exemplo, o arroz-vermelho (planta daninha resistente aos herbicidas imidazolinonas. Por essa razão, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a resistência de arroz-vermelho ao herbicida imazapyr + imazapic, na região sul do Rio Grande do Sul, e o controle do biótipo resistente de arroz-vermelho com os herbicidas alternativos clethodim e glyphosate. Foram realizados três experimentos, em delineamento casualizado, arranjados em esquema fatorial. No primeiro experimento, o fator A testou biótipos de arroz-vermelho [ORYSA 184 (resistente e ORYSA 188 (susceptível], o fator B comparou herbicidas (imazapyr + imazapic, clethodim e glyphosate e o fator C avaliou doses dos herbicidas (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16 e 32 vezes a dose recomendada. No segundo, compararam-se biótipos de arroz-vermelho e doses do herbicida imazapyr + imazapic (0; 0,5; 1; 2; 4; 8; 16; 32 e 64 vezes a dose recomendada. No terceiro, testaram-se biótipos de arroz-vermelho e doses diferentes do herbicida imazapyr + imazapic para cada biótipo. O biótipo ORYSA 184 é resistente ao imazapyr + imazapic, quando aplicada a dose máxima de registro e estádio indicado. Os herbicidas clethodim e glyphosate, detentores de mecanismos de ação alternativos, controlam o biótipo resistente ORYSA 184 de arroz-vermelho.

  4. Teste de susceptibilidade do percevejo, Cimex lectularius L. (Hemiptera, Cimicidae ao DDT em Belo Horizonte, MG (Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo L. Nagem

    1992-04-01

    Full Text Available O nível de susceptibilidade de percevejos adultos, Cimex lectularius, ao DDT, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil, foi determinado durante o período de 1985 a 1986. Os resultados indicaram, para os insetos testados, que uma dose de 4,0% do inseticida não foi suficiente para matar 55% dos insetos. Os dados permitem concluir que existem colonias de percevejos resistentes ao DDT em Belo Horizonte.

  5. Teste de susceptibilidade do percevejo, Cimex lectularius L. (Hemiptera, Cimicidae) ao DDT em Belo Horizonte, MG (Brasil)

    OpenAIRE

    Ronaldo L. Nagem; Paul Williams

    1992-01-01

    O nível de susceptibilidade de percevejos adultos, Cimex lectularius, ao DDT, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil), foi determinado durante o período de 1985 a 1986. Os resultados indicaram, para os insetos testados, que uma dose de 4,0% do inseticida não foi suficiente para matar 55% dos insetos. Os dados permitem concluir que existem colonias de percevejos resistentes ao DDT em Belo Horizonte.

  6. Teste de susceptibilidade do percevejo, Cimex lectularius L. (Hemiptera, Cimicidae ao DDT em Belo Horizonte, MG (Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nagem Ronaldo L.

    1992-01-01

    Full Text Available O nível de susceptibilidade de percevejos adultos, Cimex lectularius, ao DDT, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil, foi determinado durante o período de 1985 a 1986. Os resultados indicaram, para os insetos testados, que uma dose de 4,0% do inseticida não foi suficiente para matar 55% dos insetos. Os dados permitem concluir que existem colonias de percevejos resistentes ao DDT em Belo Horizonte.

  7. Antimicrobial activity of surfactants produced by Bacillus subtilis R14 against multidrug-resistant bacteria Atividade antimicrobiana de surfactantes produzidos por Bacillus subtilis R14 frente a bacterias multidroga-resistentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paulo André Vicente Fernandes

    2007-12-01

    14, frente a bactérias multidroga-resistentes. Durante o cultivo em meio quimicamente definido, a tensão superficial do meio foi reduzida de 54 mN/m no início do crescimento microbiano para 30 mN/m depois de 20 h. Uma concentração de surfactante bruto de 2 g/L foi obtida depois de 40h de cultivo. Uma caracterização preliminar sugeriu que dois surfactantes foram produzidos. A avaliação antimicrobiana destes compostos foi realizada frente a vinte e nove bactérias. O perfil de multidroga-resistência foi previamente definido para Enterococcus faecalis (11 cepas Staphylococcus aureus (6 cepas, Pseudomonas aeruginosa (7 cepas e Escherichia coli IC18. Todas as cepas foram sensíveis aos surfactantes, em particular Enterococcus faecalis. Os resultados demonstraram que os lipopeptídios têm um amplo espectro de ação, incluindo microrganismos multidroga-resistentes.

  8. Evaluación de estructuras de muros resistentes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Lewicki, Bohdan

    1988-12-01

    Full Text Available The author of this article, who is one of the main International personalities in the field of the structural engineering, point out the importance of intuition as a component of the creative capacity of the engineer, as well as its necessity within de evaluation process of structures. The article includes also some Indications about the general principles on reliability of masonry structures.

    El autor del presente artículo, una de las máximas autoridades mundiales en el campo de la Ingeniería estructural, señala la importancia de la intuición como componente de la capacidad creadora del ingeniero y su necesidad en el proceso de evaluación de las estructuras. En el artículo se dan también unas indicaciones referentes a principios generales sobre fiabilidad de las estructuras de muros resistentes.

  9. Isolamento de Salmonella sp e Staphylococcus aureus no processo do abate suíno como subsídio ao sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle - APPCC Isolation of Salmonella sp and Staphylococcus aureus at swine slaughtering as subsidy for HACCP, the Hazard Analysis and Critical Control Point system

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emilia do Socorro C. de Lima

    2004-12-01

    Full Text Available O presente estudo foi realizado para avaliar a presença de Salmonella sp e o número de Staphylococcus aureus na superfície de carcaças suínas e caracterizar os perigos microbiológicos em diferentes etapas do abate e pontos críticos de controle (PCCs, através da quantificação de riscos (odds ratio. Um total de 120 esfregaços superficiais de carcaça suína foi coletado em um matadouro-frigorífico, após o escaldamento/depilação (ponto A, antes da evisceração (B, após evisceração e serragem da carcaça (C e após 24 horas de refrigeração (D. Salmonella sp foi encontrada com uma freqüência média de 11,7% (14 nas carcaças, enquanto o número de S. aureus variou entre 1,2 e 1,5 log UFC/cm² em 11,7% das carcaças amostradas, sem evidenciar diferença estatística entre os pontos A, B, C e D. Pode-se concluir que os riscos de contaminação por Salmonella sp e S. aureus foram os mesmos nas etapas do abate de suínos consideradas neste estudo.This study was done to evaluate the superficial contamination of swine carcasses by Salmonella sp and Staphylococcus aureus, the identification of microbiological hazards in different segments of the processing line, and critical control points (CCPs, through the quantification of risks. A total of 120 surface swabbing carcasses were collected in a slaughterhouse: after the scalding/dehairing (point A, before evisceration (B, after evisceration and splitting (C, and after 24 hours of refrigeration (D. Salmonella sp and S. aureus were isolated from 14 (11.7% carcasses. No statistical difference between the points studied was observed. The number of S. aureus isolated was between 1.2 and 1.5 log UFC/cm². It was concluded that the risks observed were the same for both microorganisms.

  10. Cardiac Tamponade Secondary to Methicillin-Resistant Staphylococcus Aureus Pericarditis

    OpenAIRE

    Durão, D; Fernandes, AP; Marum, S; Marcelino, P; Mourão, L

    2008-01-01

    As pericardites bacterianas, apesar da sua baixa incidência e das terapêuticas actuais, apresentam um prognóstico desfavorável, sobretudo quando causadas por Staphylococcus aureus meticilino resistente (MRSA). O Tamponamento cardíaco é uma complicação potencialmente letal nos doentes com pericardites por este agente. Numa Unidade de Cuidados Intensivos, para além da imunossupressão, constituem factores predisponentes para este tipo de infecção, a elevada taxa ...

  11. Virulence factors and antimicrobial resistance of Staphylococcus aureus isolated from bovine mastitis in Rio de Janeiro Fatores de virulência e resistência antimicrobiana em Staphylococcus aureus isolados de mastite bovina no Rio de Janeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Shana M.O. Coelho

    2009-05-01

    Full Text Available The study was conducted to characterize pheno-genotypically the virulence factors and resistance pattern of Staphylococcus aureus isolates from milk samples of cows with subclinical mastitis. All hemolytic isolates presented beta-hemolysin, and 38% of the non-hemolytic isolates were able to express hemolysins in the presence of a beta-hemolytic strain. The amplification of the coa-gene displayed four different size polymorphisms with about 400 bp, 600 bp, 700 bp and 900 bp. The spaA gene that encodes the IgG-binding region of protein A revealed sizes of 700 bp and 900 bp. The amplification of region X from spaA yielded a single amplicon for each isolate with the prevalent amplicon size being of 180 bp. Amplification of sae gene yielded an amplicon size of 920 bp in 71% of the isolates. Antibiotic resistance pattern revealed that 42% S. aureus were susceptible to all antimicrobials tested. Seven different antibiotic patterns were observed. Our results indicated that 47% and 25% of S. aureus strains exhibited resistance to penicillin and oxacillin respectively. All oxacillin-resistant isolates were mecA-positive.O presente estudo foi conduzido com o objetivo de caracterizar feno-genotipicamente os fatores de virulência e perfil de resistência aos antibióticos de Staphylococcus aureus isolados de amostras de leite de vacas com mastite clínica e subclínica. Em todos os isolados hemolíticos foi detectada a presença de beta hemolisina e 38% dos não-hemolíticos produziram hemolisinas na presença de cepa beta-hemolítica. A amplificação do gene coa apresentou quatro tipos polimórficos distintos com aproximadamente 400 bp, 600 bp, 700 bp e 900 bp. O gene spaA que codifica a região de ligação da proteína A à IgG apresentou bandas de 700 bp e 900 bp. A amplificação do gene que codifica a região X revelou um único amplicon para cada isolado sendo o tamanho prevalente o de 250pb. A amplificação do gene sae resultou em amplicons com

  12. Seqüência de transmissões não habituais da infecção chagásica em uma mesma família: transfusional para a mãe e congênita para o filho, de cepa de Trypanosoma cruzi resistente ao tratamento Sequence of unusual Chagas infection transmissions in the same family: mother by blood transfusion and child congenitally, with a treatment-resistant strain of Trypanosoma cruzi

    OpenAIRE

    Abilio Augusto Fragata Filho; Edileide de Barros Correia; Renato Borges Filho; Marcos de Oliveira Vasconcelos; Daniel Janczuk; Cícero Soares de Souza Martins

    2008-01-01

    Os autores apresentam dois casos de transmissão não habitual da infecção chagásica em uma mesma família: a mãe, por transfusão sangüínea e seu segundo filho, via transplacentária. O diagnóstico da criança foi acidental e a resposta ao tratamento etiológico, em ambos, foi ineficaz em erradicar a parasitemia. Atualmente, mãe e filho permanecem em forma indeterminada da doença.The authors present two cases of unusual transmission of Chagas infection in the same family: the mother by blood transf...

  13. Superfícies do ambiente hospitalar como possíveis reservatórios de bactérias resistentes: uma revisão Superficies inanimadas del ambiente hospitalario como posibles reservorios de bacterias resistentes: una revisión Surfaces of the hospital environment as possible deposits of resistant bacteria: a review

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cristina de Oliveira

    2010-12-01

    Full Text Available O principal objetivo deste estudo é identificar, na literatura, artigos sobre a ocorrência de contaminação das superfícies inanimadas e uma possível disseminação de bactérias resistentes no ambiente hospitalar. Realizou-se um levantamento bibliográfico de artigos publicados nas bases de dados LILACS, MEDLINE, Science Direct, SCOPUS e ISI Web of Knowledge, entre 2000 e 2008. Foram selecionados e analisados vinte e um artigos. Nos estudos analisados, realçou-se a presença de bactérias em monitores, grades de cama, mesas, torneiras, telefones, teclados de computador e outros objetos. Houve predominância de Staphylococcus aureus resistente à meticilina, Clostridium difficile, Acine-to-bacter baumannii e Enterococcus resistentes à vancomicina, sendo fator preditivo a ocupação prévia por pacientes colonizados por tais microrganismos. Verificou-se semelhança entre as cepas isoladas de pacientes colonizados e/ou infectados e as cepas do ambiente por tipificação molecular. Essas evidências reforçam a necessidade de conhecimento e controle de fontes de patógenos no ambiente hospitalar.Se objetivó identificar en la literatura artículos sobre la ocurrencia de contaminación de superficies inanimadas y la posible diseminación de bacterias resistentes en el ambiente hospitalario. Se realizó una investigación bibliográfica en las bases de datos LLILACS, MEDLINE, Science Direct, SCOPUS e ISI Web of Knowledge acerca de artículos publicados entre 2000 y 2008. Fueron seleccionados veintiún artículos. En los estudios analizados, se puso de manifiesto la presencia de bacterias en monitores, barandas de camas, mesas, canillas, teléfonos, teclados de computadora y otras. Existió predominancia de Staphylococcus aureus resistente a la meticilina, Clostridium difficile, Acinetobacter baumannii y Enterococcus resistentes a la vancomicina, resultando como factor predictivo el uso previo por parte de pacientes colonizados por tales

  14. Estudo comparativo da prevalência de Staphylococcus aureus importado para as unidades de terapia intensiva de hospital universitário, Pernambuco, Brasil Comparative study on the prevalence of Staphylococcus aureus imported to intensive care units of a university hospital, Pernambuco, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Silvana Maria de Morais Cavalcanti

    2006-12-01

    Full Text Available O Staphylococcus aureus é um dos principais patógenos que coloniza indivíduos saudáveis na comunidade e responde por infecções em pacientes hospitalizados. Um estudo transversal foi realizado para determinar a prevalência de S. aureus meticilina-resistente e sensível entre 231 pacientes, internados entre janeiro e abril de 2003, nas unidades de terapia intensiva (UTIs do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, assim como os possíveis fatores associados à colonização. Foram coletadas secreções de narinas, axilas, região perineal e dermatoses com soluções de continuidade, de todos os pacientes, nas primeiras 48 horas de internamento nas UTIs. O material foi semeado em meios de cultura adequados. A prevalência de S. aureus igualou-se a 37,7% (87/231, sendo 13% (30/231 meticilina-resistente e 24,8% (57/231 meticilina-sensível. Idade, sexo, uso de antibioticoterapia, corticoterapia, motivo e local do internamento não se associaram à presença do S. aureus ou do meticilina-resistente. Houve associação significante entre procedência hospitalar e colonização por S. aureus, independente da cepa, e entre internamento anterior e presença do S. aureus meticilina-resistente. As narinas foram o sítio de colonização mais significante, por S. aureus meticilina-resistente (47/57=82,4% e sensível (23/30=76,7%. Foi alta a prevalência do S. aureus (meticilina resistente ou sensível, assim como do meticilina-resistente entre os pacientes das UTIs deste hospital. Estudos futuros poderão comprovar se os resultados aqui descritos e medidas de rastreamento para S. aureus poderiam ser adotadas, de forma prospectiva, para se avaliar o risco, assim como a magnitude do efeito, no controle de infecções hospitalares provocadas por estes patógenos.Staphylococcus aureus is the most important pathogen that colonizes healthy individuals in the community and is responsible for infections in hospitalized patients. A cross-sectional study was

  15. Hipertensão pseudo-resistente causada por baixa adesão terapêutica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alfredo Dias Oliveira-Filho

    2015-09-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo identificar pacientes com hipertensão arterial pseudo-resistente causada pela não-adesão terapêutica. Foi realizado um estudo transversal com pacientes com hipertensão atendidos pela Estratégia de Saúde da Família. As entrevistas e medidas da pressão arterial ocorreram nas residências dos pacientes cadastrados em uma unidade de saúde da família, em Maceió, entre abril de 2011 e fevereiro de 2012. Os pacientes com pressão arterial não-controlada foram classificados como pacientes com hipertensão arterial resistente (HAR ou com hipertensão pseudo-resistente, definida como a observação de falha no controle da PA causada por farmacoterapia anti-hipertensiva inapropriada, não adesão aos anti-hipertensivos, medida inadequada da PA ou efeito do jaleco branco. A adesão terapêutica foi determinada por meio da Escala de Adesão Terapêutica de oito itens de Morisky (MMAS-8. Foram investigados 173 pacientes, com idade média de 55 anos (DP 11,08 e predominância do sexo feminino (71,0%. Observou-se que 63,0% dos pacientes apresentaram PA não-controlada, dentre estes, 87,2% não eram aderentes à farmacoterapia anti-hipertensiva. Apenas 4 (2,3% pacientes foram identificados com HAR. No total, 95 pacientes não-aderentes (54,9% poderiam ser diagnosticados erroneamente como portadores de HAR, caracterizando a hipertensão pseudo-resistente causada por não-adesão. Observou-se que a não-adesão à farmacoterapia anti-hipertensiva parece ser uma relevante – e potencialmente a principal – causa da hipertensão pseudo-resistente. A identificação e remoção de tal causa podem contribuir significativamente para o diagnóstico da hipertensão resistente, evitando superexposição a medicamentos desnecessários e terapias adicionais excessivas.Palavras-chave: Pressão arterial. Hipertensão resistente. Adesão à medicação. Hipertensão pseudo-resistente. ABSTRACTMedication adherence in patients with

  16. Frecuencia de Aislamientos de Staphylococcus spp Meticilina Resistente en el Hospital Pediátrico "William Soler".

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leonora González

    2005-01-01

    Full Text Available Los Staphylococcus spp meticilina resistentes (SMR son importantes patógenos causantes de morbi-mortalidad en todo el mundo. Esta resistencia es mediada por la producción de una proteína de unión a penicilina alterada (PBP 2a, la cual tiene baja afinidad por los antibióticos beta-lactámicos y esta codificada por el gen mecA. Unos pocos antimicrobianos están disponibles para el tratamiento de estas infecciones, hoy en día la mayoría de los aislados permanecen sensibles vancomicina, única opción terapéutica en nuestro país, para el tratamiento de infecciones causadas por SMR. El presente estudio tuvo como objetivo determinar la frecuencia de aislamientos de SMR en el hospital pediátrico "William Soler". Fueron estudiados 128 aislados de Staphylococcus spp provenientes de muestras clínicas (32 Staphylococcus aureus y 96 Staphylococcus coagulasa negativos. La identificación de las especies se determino por el sistema Rapi Stha (Biomeriux. Los valores de concentración mínima inhibitoria (CMI, el crecimiento en placas de oxacilina y los patrones de resistencia de SMR a otros antimicrobianos, se realizaron siguiendo las recomendaciones de las guías NCCLS. Para la detección del gen mecA, se utilizo la reacción en cadena de la polimerasa. El 15% de los S. aureus y el 43% de los Staphylococcus coagulasa negativos fueron intrínsecamente resistentes a meticilina, CMI > 2 ¿g/mL y presentaban el gen mecA. Los SMR poseen resistencia cruzada a otras familias de antibióticos, especialmente macrolidos, no se encontró resistencia a vancomicina. Nosotros recomendados que se apliquen medidas de aislamientos a pacientes con infecciones por SMR, para evitar la diseminación de estos microorganismos.

  17. Denervação Renal com Cateter Irrigado em Hipertensos Resistentes: Uma Estratégia Promissora?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luciana Armaganijan

    2014-04-01

    Full Text Available Fundamento: A hipertensão arterial sistêmica constitui importante problema de saúde pública e significativa causa de mortalidade cardiovascular. A elevada prevalência e as reduzidas taxas de controle tensional despertaram o interesse por estratégias terapêuticas alternativas. A denervação simpática renal percutânea surgiu como perspectiva no tratamento de hipertensos resistentes. Objetivo: Avaliar a factibilidade e a segurança da denervação renal com cateter irrigado. Métodos: Dez hipertensos resistentes foram submetidos ao procedimento. O desfecho primário foi a segurança, avaliada por eventos adversos periprocedimento, função renal e anormalidade vascular renal aos 6 meses. Os desfechos secundários constituíram mudanças na pressão arterial (consultório e monitorização ambulatorial e no número de anti-hipertensivos aos 6 meses. Resultados: A média de idade foi de 47,3 (± 12 anos, 90% eram mulheres. No primeiro caso, houve dissecção de artéria renal causada por trauma da bainha, fato que não se repetiu após ajuste técnico, demonstrando efeito da curva de aprendizado. Nenhum caso de trombose/infarto renal ou óbito foi reportado. Não se observou elevação dos níveis séricos de creatinina durante o seguimento. Aos 6 meses, diagnosticou-se um caso de estenose significativa de artéria renal, sem repercussão clínica. A denervação renal reduziu a pressão arterial de consultório, em média, em 14,6/6,6 mmHg (p = 0,4 tanto para pressão arterial sistólica como para a diastólica. A redução média da pressão arterial pela monitorização ambulatorial foi de 28/17,6 mmHg (p = 0,02 e p = 0,07 para pressão arterial sistólica e diastólica, respectivamente. Houve redução média de 2,1 anti-hipertensivos. Conclusão: A denervação renal é factível e segura no tratamento da hipertensão arterial sistêmica resistente. Estudos maiores são necessários para confirmar nossos resultados.

  18. Personalidad Resistente en Carreras de Fondo: comparativa entre ultra fondo y diez kilómetros

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ricardo de la Vega

    2011-01-01

    Full Text Available La Personalidad Resistente es una característica individual que permite hacer frente a los estímulos estresores de la vida y convertirlos en oportunidades de crecimiento (Kobasa, 1979; Maddi, 2006. Sus tres componentes: Compromiso, Control y Desafío pueden proteger a los deportistas contra las impredecibles situaciones de las carreras de fondo. El objetivo de este estudio fue comparar por primera vez los niveles de personalidad resistente de dos grupos de corredores de fondo, así como determinar si existe una relación entre los niveles de personalidad resistente y el rendimiento deportivo. 130 voluntarios (69 corredores de ultrafondo y 61 corredores participantes de una prueba de 10.06 kilómetros con un rango de edad de 20 a 56 años (M = 35.4, DT = 7.3, quienes completaron el día de la competición la Escala de Personalidad Resistente en Maratonianos (EPRM (Jaenes, Godoy y Román, 2008. El análisis de comparación de medias, reveló que no existieron diferencias significativas entre ambos grupos de corredores de fondo (Z = .280, p = .77, así mismo las mejores marcas en la prueba de ultra fondo fueron independientes de los niveles de personalidad resistente (r = -.072, p = .30, aquellos corredores que completaron el recorrido de ultrafondo no presentaron niveles mayores de personalidad resistente que los deportistas que abandonaron (p =. 78. Los resultados sugieren que un nivel elevado de personalidad resistente forma parte de las características psicológicas de los corredores de fondo. Por otra parte un nivel elevado de personalidad resistente no tuvo influencia sobre el rendimiento obtenido en una carrera de ultrafondo.

  19. Caracterização de Staphylococcus aureus isolados da barra de mão de carrinhos e alças de cestas de supermercados

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Daiane Buzzatto Oliveira

    2016-07-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus é um dos agentes patogênicos mais notórios, sendo responsável por 45% das toxinfecções em todo o mundo. Um dos grandes problemas atuais é o desenvolvimento de cepas resistentes a antibióticos. Considerando a importância da disseminação desses micro-organismos na comunidade, o presente trabalho teve por objetivo determinar a presença de Staphylococcus aureus na barra de mão dos carrinhos e alças de cestas de supermercados da cidade de Campo Mourão - PR, e caracterizar a susceptibilidade dos isolados à oxacilina. Foram analisadas 120 amostras, sendo 60 coletadas das barras de mão de carrinhos e 60 coletadas das alças de cestas. Esse micro-organismo foi isolado em 75 amostras (62,5%, sendo que, desse total, 35 amostras (46,7% foram isoladas de carrinhos e 40 (53,3% de cestas de compras. As amostras positivas para Staphylococcus aureus foram submetidas aos testes de susceptibilidade, pelo método de disco-difusão, à oxacilina (cefoxitina e todas as amostras foram consideradas sensíveis a essa droga. Constatou que as barras de mãos e as alças de cestas de supermercados, podem ser consideradas como fômites, na disseminação de Staphylococcus aureus, sendo de extrema importância a higienização desses objetos, a fim de diminuir os riscos de contaminação na comunidade.Palavras-chave: Staphylococcus aureus. Contaminação. Superfícies. Oxacilina. ABSTRACTCharacterization of Staphylococcus aureus Isolated of shopping carts hand bars and handles of handheld shopping baskets in supermarketsStaphylococcus aureus is one of the most notorious pathogens, accounting for 45% of intoxications worldwide. One of the major problems today is the development of antibiotic-resistant strains. Considering the importance of dissemination of these micro- organisms in the community, this study aimed to determine the presence of Staphylococcus aureus in shopping carts hand bars and handles of handheld shopping baskets in

  20. Seqüência de transmissões não habituais da infecção chagásica em uma mesma família: transfusional para a mãe e congênita para o filho, de cepa de Trypanosoma cruzi resistente ao tratamento Sequence of unusual Chagas infection transmissions in the same family: mother by blood transfusion and child congenitally, with a treatment-resistant strain of Trypanosoma cruzi

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Abilio Augusto Fragata Filho

    2008-02-01

    Full Text Available Os autores apresentam dois casos de transmissão não habitual da infecção chagásica em uma mesma família: a mãe, por transfusão sangüínea e seu segundo filho, via transplacentária. O diagnóstico da criança foi acidental e a resposta ao tratamento etiológico, em ambos, foi ineficaz em erradicar a parasitemia. Atualmente, mãe e filho permanecem em forma indeterminada da doença.The authors present two cases of unusual transmission of Chagas infection in the same family: the mother by blood transfusion and her second child across the placenta. The child was diagnosed by chance and etiological treatment for both the mother and the child was ineffective in eradicating the parasitemia. At present, they continue to present the indeterminate form of the disease.

  1. Amido resistente em diversas fontes não convencionais de amido

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C. Fontinha

    2016-02-01

    Full Text Available Amido resistente (AR é aquele que não é digerido no intestino delgado, conduzindo a efeitos benéficos para a saúde, tal como a fibra dietética faz. Procedeu-se à determinação do AR em farinhas e amidos extraídos de duas variedades de castanha (Castanea sativa Mill, Longal e Martainha, da bolota de azinheira (Quercus rotundifolia e da glande do sobreiro (Quercus suber. As farinhas foram obtidas por moenda dos frutos após secagem a diferentes temperaturas, 40º C, 50º C, 60ºC e 70ºC. Posteriormente, procedeu-se ao isolamento dos amidos das farinhas, através da aplicação de dois métodos de extracção: um físico-químico e outro enzimático. Verificou-se que os teores de AR mais elevados foram os apresentados pelas farinhas dos frutos secos a 60ºC, sendo de 46,8%, 36,5%, 39,9% e 43,9%, respectivamente para as castanhas das variedades Longal e Martainha, para a bolota e para a glande. O método de extracção que apresentou valores mais elevados de AR para os amidos extraídos dos diferentes materiais foi o método físico-químico. Tudo indica que a secagem dos frutos a 60ºC e a aplicação do método de extracção do amido pelo processo físico-químico nas farinhas dos frutos secos a esta temperatura são aqueles que melhor preservam a estrutura dos amidos.

  2. Arquitectura sismo-resistente: respuesta morfológica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giulani, Hugo

    1994-12-01

    Full Text Available In the previous reports (1 and (2 we raised the question of the necessity to develop an Earthquake-Resistant Architecture which would make the integral solution of the seismic problem in buildings possible. We established the grounds, objectives, basic principles and methodology for defining the guidelines to be followed in making the architectural design and structural earthquake-resistant design compatible. The present report brings the proposal of an architectural response from the morphological point of view, allowing us to reach an adequate final form which consists of eliminating all the incompatibilities produced by the seismic demands and determining factors, in other words, we search for an architectural design which, owing to its very morphology, is able to satisfy the said conditions; an "Adequate Final Form" which in itself avoids the bothersome guidelines for making the structural and architectural designs compatible, transforming them into morphological responses to each seismic determining factor.

    En informes anteriores (1 y (2 planteamos la necesidad de desarrollar una Arquitectura Sismo-resistente, que posibilite la solución integral del problema sísmico de los edificios. Se establecieron los fundamentos, objetivos, principios básicos y metodología para deducir las pautas de compatibilización del diseño arquitectónico con el diseño estructural sismo-resistente. En el presente informe se propone una respuesta arquitectónica desde la morfología, que permite llegar a una forma final ajustada, en el sentido de eliminar toda incompatibilidad respecto de las exigencias o condicionantes sísmicos. Es decir, un proyecto arquitectónico que por su propia morfología satisfaga dichos condicionantes. Una "Forma Final Ajustada" que evita, por sí misma, las engorrosas pautas de compatibilización del diseño estructural con el diseño arquitectónico, transformándolas en respuestas morfológicas a cada condicionante sísmico.

  3. COMPORTAMENTO DE GENÓTIPOS DE ABACAXIZEIRO RESISTENTES À FUSARIOSE EM COMPARAÇÃO A CULTIVARES COMERCIAIS SUSCETÍVEIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LUIZ CARLOS SANTOS CAETANO

    2015-06-01

    Full Text Available A fusariose é a doença mais severa na cultura do abacaxi no Brasil, e as cultivares mais plantadas, ‘Pérola’ e ‘Smoth Cayenne’, são suscetíveis, com perdas estimadas em 30 a 40% dos frutos. O uso de genótipos resistentes à doença abre grande perspectiva para a solução do problema. O objetivo deste trabalho foi avaliar, em experimento de campo, o potencial produtivo, as características das plantas e a qualidade de frutos de novos híbridos deabacaxi resistentes à fusariose: EC-105, EC-93, cv. BRS Vitória e cv. BRS Imperial, comparando o desempenho destes genótipos com as cultivares ‘Pérola’, ‘Smooth Cayenne’ e ‘Gold (MD-2’, suscetíveis à doença. O delineamento experimental foi o em blocos casualizados, com cinco repetições. A cv. BRS Imperial apresenta características importantes de qualidade de fruto, com maiores valores de SS e ratio. A cv. BRS Vitória reúne características favoráveis, como massa de frutos semelhante à da ‘Pérola’, reduzido diâmetro do eixo central do fruto, baixos índices de aderência de mudas “filhote” ao fruto e de tombamento de frutos, e boa produção de mudas aproveitáveis. Os demais híbridos resistentes à fusariose apresentam características negativas que limitam sua recomendação como cultivar comercial.

  4. Determinants of mortality in oncology patients colonized or infected with Staphylococcus aureus Determinantes de mortalidade em pacientes colonizados ou infectados por internados em um hospital do câncer. Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luiz Claudio Santos Thuler

    1999-04-01

    Full Text Available Oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (ORSA infection is an important cause of hospital morbidity and mortality. The objective of this study was to identify the main factors associated with death in patients colonized or infected with Staphylococcus aureus in a cancer center. A matched-pair case-control study enrolled all patients infected or colonized with ORSA (cases admitted to the Hospital do Câncer in Rio de Janeiro from 01/01/1992 to 12/31/1994. A control was defined as a patient hospitalized during the same period as the case-patients and colonized or infected with oxacillin-susceptible Staphylococcus aureus (OSSA. The study enrolled 95 cases and 95 controls. Patient distribution was similar for the two groups (p > or = 0.05 with respect to gender, underlying diseases, hospital transfer, prior infection, age, temperature, heart and respiratory rates, neutrophil count, and duration of hospitalization. Univariate analysis of putative risk factors associated with mortality showed the following significant variables: admission to the intensive care unit (ICU, presence of bacteremia, use of central venous catheter (CVC, ORSA colonization or infection, pneumonia, use of urinary catheter, primary lung infection, prior use of antibiotics, mucositis, and absence of cutaneous abscesses. Multivariate analysis showed a strong association between mortality and the following independent variables: admission to ICU (OR [odds ratio]=7.2, presence of Staphylococcus bacteremia (OR=6.8, presence of CVC (OR=5.3, and isolation of ORSA (OR=2.7. The study suggests a higher virulence of ORSA in comparison to OSSA in cancer patients.As infecções causadas por Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (ORSA são causas importantes de morbidade e mortalidade. O objetivo do estudo foi identificar os principais fatores associados à mortalidade em pacientes colonizados ou infectados por Staphylococcus aureus em um hospital de câncer. Foi realizado um

  5. Bioensaios para diagnóstico da resistência aos herbicidas imidazolinonas em arroz Bioassays for diagnosis of resistance to the herbicides imidazolinones in rice plants

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A.C. Roso

    2010-06-01

    Full Text Available Cultivares de arroz resistentes aos herbicidas imidazolinonas têm proporcionado a utilização destes para o controle do arroz-vermelho, que é um dos principais problemas da cultura do arroz irrigado. No entanto, biótipos de arroz-vermelho resistentes aos herbicidas imidazolinonas têm ocorrido em várias lavouras dessa cultura. O objetivo deste trabalho foi desenvolver métodos expeditos para a identificação de plantas de arroz resistentes aos herbicidas imidazolinonas em diferentes fases do desenvolvimento da planta. Foram utilizados os cultivares de arroz IRGA 422 CL, SATOR CL e PUITÁ INTA CL como padrão resistente aos herbicidas imidazolinonas, e o cultivar IRGA 417, como padrão suscetível. Os bioensaios realizados em sementes, plântulas e afilhos discriminaram de forma efetiva e rápida plantas de arroz resistentes e suscetíveis. As concentrações discriminadoras aos herbicidas imazethapyr + imazapic para os bioensaios de sementes, plântulas e afilhos foram de 0,01, 4 e 3 mM, respectivamente. A utilização desses bioensaios permite a identificação de indivíduos resistentes mesmo durante o desenvolvimento da lavoura, proporcionando assim a adoção de medidas que possam manter a sustentabilidade do controle de arroz-vermelho por meio de cultivares resistentes aos herbicidas.Red rice is the most troublesome weed in rice paddy fields. Herbicide resistant rice cultivars allow red rice control through the herbicides imidazolinones. However, imidazolinone resistant red rice biotypes have occurred in several rice paddy fields. The aim of this study was to develop rapid methods to identify imidazolinone resistant rice plants at different stages of rice plant development. The rice cultivars IRGA 422 CL, SATOR CL and PUITÁ INTA CL were used as well-known resistant cultivars, and IRGA 417 as a well-known susceptible check. The seed, seedling, and tiller bioassays discriminated resistant and susceptible plants efficiently, being

  6. Ao leitor sem medo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Eisenberg

    2000-05-01

    Full Text Available O texto resenha Ao leitor sem medo, de Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999.This text is a review of Ao leitor sem medo by Renato Janine Ribeiro (Belo Horizonte, UFMG, 1999

  7. Avaliação da suscetibilidade antimicrobiana de bactérias anaeróbias facultativas isoladas de canais radiculares de dentes com insucesso endodôntico frente aos antibióticos de uso sistêmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bárbara Trindade Di Santi

    Full Text Available ResumoIntroduçãoBactérias associadas ao insucesso do tratamento endodôntico são capazes de adquirir e expressar resistência aos agentes antimicrobianos comumente empregados para tratar infecções, o que torna necessário, em determinadas situações, a realização de testes laboratoriais para detectar a resistência ou a suscetibilidade antimicrobiana desses micro-organismos.Objetivoavaliar a suscetibilidade antimicrobiana das cepas de Enterococcus faecalis, Enterococcus faecium, Actinomyces viscosus e Staphylococcus aureus isoladas de canais radiculares de dentes com insucesso endodôntico.Material e métodoCepas clínicas de Enterococcus faecalis (n=3, Enterococcus faecium (n=3, Actinomyces viscosus (n=3 e Staphylococcus aureus (n=3, coletadas in vivo de canais radiculares com insucesso endodôntico, foram testadas quanto à suscetibilidade antimicrobiana por meio do método E-test em duplicata, utilizando os antibióticos: Amoxicilina (AC, Rifampicina (RI, Moxifloxacina (MX, Vancomicina (VA, Tetraciclina (TC, Ciprofloxacina (CI, Cloranfenicol (CL, Benzilpenicilina (PG, Amoxicilina + ácido clavulânico (XL, Doxiciclina (DC, Eritromicina (EM e Azitromicina (AZ.ResultadoTodas as cepas clínicas testadas foram suscetíveis aos antibióticos AC, XL, PG, DC, MX, TC e VA. Todos os isolados das espécies de S. aureus foram suscetíveis aos 12 antibióticos testados. As cepas de E. faecalis, E. faecium e A. viscosus mostraram padrão de suscetibilidade intermediário contra EM. Algumas cepas de E. faecalis e E. faecium foram resistentes a AZ e RI.ConclusãoAs cepas clínicas isoladas dos canais radiculares de dentes com insucesso endodôntico mostraram perfis diferentes de suscetibilidade antimicrobiana e nenhum isolado de E. faecalis e E. faeciumapresentou-se suscetível a AZ e EM.

  8. Susceptibility of Staphylococcus aureus isolates to vancomycin at a university hospital in southern Brazil Suscetibilidade de amostras de Staphylococcus aureus à vancomicina isoladas em um hospital universitário no sul do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Larissa Lutz

    2006-09-01

    Full Text Available The in vitro susceptibilty of Staphylococcus aureus to vancomycin was evaluated from impatients at a Brazilian University Hospital by the Etest and a screening method. No vancomycin intermediate (VISA or vancomycin resistant (VRSA S. aureus isolate was identified. Three patients presented as heteroresistant VISA (h-VISA isolates but none of them received vancomycin previously.A suscetibilidade in vitro de Staphylococcus aureus à vancomicina foi avaliada em pacientes internados em um Hospital Universitário Brasileiro pelo Etest e por um método de triagem. Nenhuma amostra de S. aureus resistente (VRSA ou com resistência intermediária (VISA à vancomicina foi isolada. Três pacientes tiveram amostras heteroresistentes VISA (h-VISA, mas nenhum destes recebeu vancomicina previamente.

  9. Caracterización morfológica y contenido de almidón resistente y disponible en bananos (Musa sapientum exportables del Ecuador

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edison Omar Martínez-Mora

    2015-10-01

    Full Text Available Introducción: La investigación tuvo como objetivo fundamental, la caracterización morfológica del almidón nativo de banano (Musa sapientum, contenido en almidón resistente (AR y disponible (AD, de las variedades de banano de exportación: Cavendish (AC, Filipino (AF, Orito (AO y Valery (AV.Material y Métodos: Se determinó tamaño y forma del gránulo de almidón a través de microscopia electrónica de barrido. La cuantificación del AR por medición de su fracción no hidrolizada, luego de un ataque de pepsina, y para la fracción del AD un ataque de amilasa pancreática a la fracción no hidrolizada. Se midió la absorbancia de las dos soluciones de AR y AD a 510nm contra el blanco del reactivo.Resultados: El tamaño de los gránulos de almidón de: AF, AV y AC fueron en promedio 28μm y para el AO, de 35μm aproximadamente. La forma que predominó fue la oval esférica. El contenido de AR y AD estuvo en el rango de 49 a 58,5% y de 41 a 50%, respectivamente.Conclusiones: El almidón resistente, análogo de la fibra y útil en la nutrición humana, se presentó en valores importantes en las muestras de las diferentes variedades de banano exportable del Ecuador, alrededor del 54%. Según los resultados, el almidón de banano de las variedades estudiadas puede ser incorporado en la elaboración de alimentos que demanden características funcionales, principalmente por su alto contenido en almidón resistente.

  10. Mechanical And Microstructural Evaluation Of A Wear Resistant Steel; Avaliacao mecanica e microestrutural de um aco resistente ao desgaste

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Santos, F.L.F. dos; Vieira, A.G.; Correa, E.C.S.; Pinheiro, I.P., E-mail: falletti@hotmail.co [Centro Federal de Educacao Tecnologica de Minas Gerais (CEFET/MG), Belo Horizonte, MG (Brazil). Dept. de Engenharia de Materiais

    2010-07-01

    In the present work, the analysis of the mechanical properties and the microstructural features of a high strength low alloy steel, containing chromium, molybdenum and boron, subjected to different heat treatments, was conducted. After austenitizing at 910 deg C for 10 minutes, three operations were carried out: oil quenching, oil quenching followed by tempering at 200 deg C for 120 minutes and austempering at 400 deg C for 5 minutes followed by water cooling. The analysis was performed through tensile and hardness tests, optical microscopy and X-ray diffraction. The bainitic structure led to high strength and toughness, both essential mechanical properties for wear resistant steels. The occurrence of allotriomorphic ferrite and retained austenite in the samples also increased the wear resistance. This phenomenon is related to the fact that both structures are able to be deformed and, in the case of the retained austenite, the transformation induced plasticity TRIP effect may take place as the material is used. (author)

  11. Variabilidade isoenzimática entre linhagens de amendoim resistentes à seca Isoenzimatic variability between peanut lines resistant to drought

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roseane Cavalcanti dos Santos

    2000-04-01

    Full Text Available O uso da técnica de eletroforese para separar múltiplas formas moleculares de enzimas tem sido bastante explorada na área biológica, cujas diferenças detectadas nos tecidos podem ser eficientemente usadas para diferenciação de cultivares em qualquer fase de seu desenvolvimento fenológico. Nesse trabalho, procedeu-se ao estudo da variabilidade isoenzimática em seis linhagens de amendoim resistentes à seca, com o objetivo de se verificar as possíveis relações da variação encontrada na base desses descritores com essa aptidão no amendoim. Estudaram-se folíolos da parte apical com 5 dias após a germinação, utilizando-se a técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida (7% sistema horizontal e contínuo de tampão. Os sistemas estudados foram fosfatase ácida (ACP, malato desidrogenase (MDH, leucina aminopeptidase (LAP, peroxidase (PO, e esterase (EST. A caracterização fenotípica dos genótipos permitiu a separação de quatro grupos para ACP, três para LAP, dois para MDH e seis para PO e EST. A partir da análise dos componentes principais dos grupos obtidos, observou-se que a cultivar IAC Tupã (sensível à seca foi separada das demais, especialmente da cultivar resistente Senegal 55437.The use of electrophoretic techniques to separate multiple molecular forms of enzymes has been used in the biological science, where differences in isozymes among tissues can be used efficiently on cultivar differentiation during any life cycle phase. In this paper, the variability of six drought resistant peanut lines was studied by isozymes analysis aiming to verify the possible relations between enzymatic descriptors and drought resistance character. Leaflets were analyzed by horizontal poliacrylamide gel electrophoresis technique and buffer continuos systems for the following systems: acid phosphatase (ACP, malate dehydrogenase (MDH, leucine aminopeptidase (LAP, peroxidase (POX and esterase (EST. The phenotypic characterization of the

  12. Staphylococcus aureus and Pregnancy

    Science.gov (United States)

    Staphylococcus aureus and Pregnancy In every pregnancy, a woman starts out with a 3-5% chance of having a ... This sheet talks about whether exposure to staphylococcus aureus may increase the risk for birth defects over ...

  13. Staphylococcus aureus and Pregnancy

    Science.gov (United States)

    Staphylococcus aureus (Staph Infection) In every pregnancy, a woman starts out with a 3-5% chance of having ... risk. This sheet talks about whether exposure to staphylococcus aureus may increase the risk for birth defects over ...

  14. Risico voor resistente rassen, Phytophthora doorbreekt resisten tiegen (interview met Geert Kessel)

    NARCIS (Netherlands)

    Engwerda, J.; Kessel, G.J.T.

    2009-01-01

    In phytophthora-resistente aardappelrassen Bionica en Toluca kan alsnog phytoph-thora ontstaan. Wageningen UR waarschuwt telers hiervoor. Bij laboratoriumexperimenten zijn drie phytophthora-isolaten gevonden die het resistentiegen Blb2 hebben doorbroken. Het is voor het eerst dat de aardappelziekte

  15. Variantes somaclonais da cultivar de arroz Bluebelle resistentes à brusone Blast resistant somaclonal variants of rice cultivar Bluebelle

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leila Garcês de Araújo

    2001-05-01

    Full Text Available A brusone, causada por Pyricularia grisea, constitui fator limitante da produtividade do arroz irrigado, principalmente no Estado do Tocantins. A detecção de variabilidade genética quanto à resistência à brusone em cultivares suscetíveis, como a Bluebelle, considerada uma das cultivares-padrões quanto à qualidade dos grãos, foi o principal objetivo deste trabalho. O procedimento adotado incluiu a indução de calos provenientes de panículas imaturas, regeneração, avaliação e seleção das plantas R2 resistentes à doença. O mesmo procedimento foi utilizado para nova indução de calos e regeneração de plantas a partir de três plantas R2 selecionadas. Foi realizada a avaliação e a seleção de plantas resistentes nas gerações R2 e R4 em viveiro de brusone. Nos testes realizados em casa de vegetação com três isolados coletados da cultivar Metica1, pertencentes aos patótipos IB41 e IB45 de P. grisea, todos os 47 somaclones R6 foram resistentes. Por outro lado, os somaclones apresentaram reações diferenciais frente a cinco isolados provenientes de somaclones da cultivar Bluebelle, e resistência a um isolado proveniente da cultivar Bluebelle, enquanto a cultivar Bluebelle foi suscetível a todos os isolados. Estes resultados indicaram variação genética no que diz respeito à resistência à brusone, na segunda fase de indução de calos e na regeneração de plantas. Dos 47 somaclones R6, 22 apresentaram alto grau de resistência vertical nos testes conduzidos nos viveiros de brusone em quatro locais, e poderão ser utilizados como novas fontes de resistência.Rice blast, caused by Pyricularia grisea, is the major yield constraint in irrigated rice mainly in the State of Tocantins. The detection of genetic variability for blast resistance in susceptible cultivars such as Bluebelle, considered as a standard for superior grain quality, was the main objective of the present investigation. The adopted procedure included

  16. Phenolic compounds, methylxanthines and antioxidant activity in cocoa mass and chocolates produced from "witch broom disease" resistant and non resistant cocoa cultivars Compostos fenólicos, metilxantinas e atividade antioxidante em massa de cacau e chocolates produzidos a partir de cultivares resistentes e não resistentes a "vassoura de bruxa"

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Paula Bacelar Leite

    2013-06-01

    ção depende da origem genética do fruto, do meio ambiente onde o cacau é cultivado e das operações de processamento. Assim, neste trabalho, objetivou-se determinar os compostos fenólicos monoméricos, metilxantinas e a atividade antioxidante em massa de cacau e chocolates provenientes de cultivares resistentes à "vassoura de bruxa" e não resistentes à doença. Os compostos fenólicos totais na massa de cacau não variou entre os cultivares com valores que variam entre 25,03mg g-1 a 23,95mg g-1. Chocolates feitos a partir de cultivares não resistentes à doença apresentaram maior teor de fenólicos totais (19,11mg g-1 que os cultivares resistentes, SR162 e PH16 com 16,08mg.g-1 e 15,46 mg.g-1, respectivamente. Os conteúdos de epicatequina foram superiores aos de catequina em todos os cultivares. Houve diferenças significativas entre as amostras de massa de cacau analisadas para a cafeína. Chocolates produzidos a partir do cultivar SR162 apresentaram maior quantidade de compostos fenólicos e metilxantinas. A amostra de chocolate com a atividade antioxidante mais elevada é a SR162, seguida dos cultivares não resistentes e PH16, mostrando uma relação entre a atividade antioxidante e o conteúdo de compostos fenólicos monoméricos.

  17. Staphylococcus aureus toxins.

    Science.gov (United States)

    Otto, Michael

    2014-02-01

    Staphylococcus aureus is a dangerous pathogen that causes a variety of severe diseases. The virulence of S. aureus is defined by a large repertoire of virulence factors, among which secreted toxins play a preeminent role. Many S. aureus toxins damage biological membranes, leading to cell death. In particular, S. aureus produces potent hemolysins and leukotoxins. Among the latter, some were recently identified to lyse neutrophils after ingestion, representing an especially powerful weapon against bacterial elimination by innate host defense. Furthermore, S. aureus secretes many factors that inhibit the complement cascade or prevent recognition by host defenses. Several further toxins add to this multi-faceted program of S. aureus to evade elimination in the host. This review will give an overview over S. aureus toxins focusing on recent advances in our understanding of how leukotoxins work in receptor-mediated or receptor-independent fashions.

  18. Oxazolidinones as an Alternative in the Treatment of Multiresistant Staphylococcus Aureus

    OpenAIRE

    Maira Quiros Enríquez; Diana Rosa Fernández Ruíz; Belkis Barrios Romero; Pedro Miguel Milián Vázquez.; Yacelys Cisneros Napóles; Lucía Noa Justafé

    2013-01-01

    Las infecciones provocadas por cepas resistentes se hacen cada día más difíciles de tratar con los antibióticos disponibles. Las causadas por Staphylococcus aureus multirresistente han alcanzado niveles sin precedentes y escasean los medicamentos efectivos para combatirla. La resistencia bacteriana es un problema global que disminuye las opciones terapéuticas en infecciones intra y extrahospitalarias y aumenta las posibilidades de fracaso y los costos de los tratamientos. Esta revisión preten...

  19. Methicillin-resistant staphylococcus aureus in children attending school in cartagena, colombia

    OpenAIRE

    Castro-Orozco, Raimundo; Villafañe-Ferrer, Lucy M.; Álvarez-Rivera, Eduviges; Martínez De Arco, Melina; Rambaut-Donado, Carmen L.; Vitola-Heins, Gina V.

    2011-01-01

    Objetivo Determinar portadores nasales de Staphylococcus aureus resistente a meticilina (SARM) y factores de riesgo asociados a esta colonización, en una población escolar de Cartagena de Indias.  Métodos Se realizó un estudio analítico  transversal en 100 niños escolares sanos, para la búsqueda de portadores nasales de cepas SARM y su asociación con factores de riesgo. Para la identificación bacteriana se utilizaron métodos convencionales. A todos los aislamientos se les determinó la sensib...

  20. Portación y caracterización de Staphylococcus aureus en manipuladores de alimentos Carriage and characterization of Staphylococcus aureus in food handlers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Graciela B Jordá

    2012-06-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus es una causa de intoxicaciones alimentarias por su capacidad de producir enterotoxinas. Los manipuladores de alimentos que portan S. aureus productores de enterotoxinas pueden provocar intoxicaciones alimentarias. Se estudiaron muestras tomadas de fosas nasales de 88 manipuladores de alimentos en la provincia de Misiones. El 37,5 % de los individuos analizados eran portadores de S. aureus. Mediante técnicas de amplificación (PCR, se detectaron genes que codifican la producción de enterotoxinas en 13 de los 33 aislamientos obtenidos (39,4 % y en el 14,7 % de los manipuladores. De estos aislamientos, 10 portaban el gen sea y 3 el gen sec. El estudio de sensibilidad a los antibióticos mostró un 100 % de sensibilidad a teicoplanina, gentamiclna y rifampicina; 2 aislamientos fueron resistentes a clindamicina y a eritromicina y 4 resultaron resistentes a la meticilina. Estos resultados son un alerta e indicarían la necesidad de desarrollar medidas racionales para reducir el riesgo potencial de intoxicaciones alimentarias.Staphylococcus aureus causes food poisoning due to its ability to produce enterotoxins. Food handlers carrying enterotoxin-producing S. aureus can contaminate food, thus leading to food poisoning. Samples were obtained from 88 food handlers in the Province of Misiones, Argentina. S. aureus was isolated from nasal swaps and PCR amplification was performed for genes encoding staphylococcal enterotoxins. A total of 37.5 % food handlers were positive for S. aureus. Expression of enterotoxin genes was found in 13 of the 33 (39.4 % S. aureus isolates studied, accounting for 14.7 % of food handlers. Gene sea was detected in 10 isolates followed by gene sec in 3 isolates. All isolates were susceptible to teicoplanin, gentamicin and rifampicin. Four isolates were resistant to methicillin whereas 2 isolates were resistant to clindamycin and erythromycin. These results constitute a critical alert and indicate the need

  1. Bacteriemia por Staphylococcus aureus con sensibilidad disminuida a vancomicina (VISA) en una unidad de hemodiálisis

    OpenAIRE

    Delpech,Gastón; Pourcel, Gisela; Ceci, Mónica; Mezzina, Vito; Schell, Celia María; De Luca, María Marta; Basualdo Farjat, Juan Ángel; Sparo, Mónica

    2012-01-01

    La vancomicina constituye una de las últimas opciones para el tratamiento antimicrobiano de infecciones causadas por Staphylococcus aureus meticilino-resistente (SAMR). En estas cepas ha sido documentada, intra-tratamiento, la disminución de sensibilidad a vancomicina, las cuales se conocen como cepas VISA (vancomycin intermediate susceptible S.aureus). La capacidad de diseminación de SAMR en el ámbito del cuidado de la salud, contribuye a la emergencia de cepas VISA. Asimismo, los métodos es...

  2. Neumonía necrosante por Staphylococcus aureus extrahospitalario resistente a la meticilina:reporte de dos casos en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana María Perilla

    2009-12-01

    Ambos desarrollaron falla renal aguda, por lo que fueron manejados con linezolide, con adecuada respuesta clínica. Con la caracterización molecular de los aislamientos se confirmó la presencia del gen mecA que porta el casete SCCmec tipo IV y la producción de la toxina leucocidina Panton-Valentine.

  3. Genotipos de frijol (Phaseolus Vulgaris l. resistentes a Xanthomonas campestris pv. phaseoli de Mexico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rosa Navarrete

    2000-01-01

    Full Text Available Genotipos de frijol (Phaseolus vulgaris L. resistentes a Xanthomonas campestris pv. phaseoli de México. Durante 1995 se evaluó la reacción de genotipos de frijol de diversos origenes a Xcp, bajo condiciones de invernadero en el Campo Experimental del Valle de México, del INIFAP. Se realizaron tres experimentos con a120, b44 y csiete genotipos de frijol. Las plantas se inocularon por corte con navajas en la etapa V3, a y b con una mezcla de nueve cepas de Xcp y el c, con cada una de siete cepas con diferente grado de patogenicidad. La severidad se evaluó 20 días después de la inoculación, por comparación con una escala visual de nueve grados. Los datos se analizaron bajo un diseño completamente al azar. En a, los genotipos que mostraron reacción de resistencia a Xcp fueron: A 36, A 475, G 5686, G 11867, Harowood, SEA 14, XAN 266, MCD 4012 y REN 27. En b los genotipos resistentes fueron: Sequía Durango, Taylor y XAN 30. En los experimentos anteriores la severidad de la enfermedad mostró una distribución normal, con el máximo número de genotipos en el grado de severidad cinco en a y seis en b. Los resultados obtenidos indican que el uso de mezclas de cepas de bacterias con diferente patogenicidad es eficiente para identificar genotipos de frijol resistentes a Xcp. Los genotipos resistentes identificados en el último experimento, mostraron respuesta diferencial e interacciones genotipo por cepa. REN 27 y SEA 14 mostraron resistencia a las cepas utilizadas

  4. [Methicillin resistance and vancomycin susceptibility pattern among blood isolates of Staphylococcus aureus].

    Science.gov (United States)

    Rodríguez-Pineda, Jonathan; Terrazas-Estrada, José Juan; Urdez-Hernández, Elena; Hernández-Sánchez, Eva Aurora; Sánchez-Tejeda, Sandra Leticia

    2016-01-01

    Introducción: el Staphylococcus aureus es capaz de desarrollar resistencia a todos los antimicrobianos. La vancomicina es clave para tratar infecciones graves causadas por S. aureus meticilino-resistente. Sin embargo, últimamente se reportan fallas terapéuticas. El objetivo fue establecer la resistencia a la meticilina y el perfil de susceptibilidad a la vancomicina del S. aureus. Métodos: de marzo a agosto del 2010, se determinó la meticilino-resistencia y la susceptibilidad a vancomicina de S. aureus aislados de hemocultivos, mediante el método estándar de microdilución. Para la meticilino-resistencia se utilizó una placa de agar Mueller-Hinton con 4 µg/mL de oxacilina, más NaCl al 2 % y una prueba de aglutinación. El desarrollo bacteriano o la aglutinación positiva identificaron al microorganismo meticilino-resistente. Para la susceptibilidad a vancomicina se determinó la concentración mínima inhibitoria (CMI) en placas de agar Mueller-Hinton con dilución de 16 a 0.5 µg/mL. Resultados: en total se incluyeron 25 S. aureus. El 60 % fue meticilino-resistente; el 100 % sensible a vancomicina (CMI ≤ 2 µg/mL), con las siguientes CMI: el 48 %, ≤ 0.5 µg/mL; 44 %, 1 µg/mL; y el 8 %, 2 µg/mL. Conclusión: la proporción alta de meticilino-resistencia y la evidencia de fenotipos sensibles a la vancomicina, pero asociados a falla terapéutica (CMI 2 µg/mL), demandan no solo el reforzamiento continuo de las precauciones estándar y el control de antimicrobianos sino también la vigilancia sistemática del patrón de susceptibilidad a la vancomicina con un método de referencia.

  5. Oxazolidinones as an Alternative in the Treatment of Multiresistant Staphylococcus Aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maira Quiros Enríquez

    2013-04-01

    Full Text Available Las infecciones provocadas por cepas resistentes se hacen cada día más difíciles de tratar con los antibióticos disponibles. Las causadas por Staphylococcus aureus multirresistente han alcanzado niveles sin precedentes y escasean los medicamentos efectivos para combatirla. La resistencia bacteriana es un problema global que disminuye las opciones terapéuticas en infecciones intra y extrahospitalarias y aumenta las posibilidades de fracaso y los costos de los tratamientos. Esta revisión pretende describir los mecanismos de resistencia de las cepas de Staphylococcus aureus y caracterizar las oxazolidinonas (linezolid, como una alternativa para el tratamiento de infecciones por este germen.

  6. Staphylococcus aureus, evolución de un viejo patógeno

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ileana Álvarez Lam

    2012-12-01

    Full Text Available El Staphylococcus aureus está considerado uno de los microorganismos más importantes en la práctica médica diaria. Es capaz de provocar una amplia gama de enfermedades, ya sea por acción directa o mediante la acción de sus toxinas. El tratamiento de estas infecciones se ha convertido en algo extraordinariamente complejo en la época actual como consecuencia de la aparición en la comunidad de cepas de S. aureus, resistentes a la meticillina, que provocan infecciones en pacientes sin factores de riesgo, fundamentalmente niños y adolescentes. En este artículo se hace una revisión, que va desde los cambios en la epidemiología de este patógeno, hasta las implicaciones que para el tratamiento médico presupone este fenómeno.

  7. Sensibilidade de estirpes de Bradyrhizobium ao glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodrigo Josemar Seminoti Jacques

    2010-02-01

    Full Text Available A aplicação do glyphosate sobre a soja resistente a este herbicida pode causar prejuízos à simbiose com o rizóbio. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade ao herbicida glyphosate de três estirpes de Bradyrhizobium recomendadas para a produção de inoculantes de sementes de soja no Brasil. Avaliou-se o efeito das concentrações de 0,0; 5,4; 10,8; 21,6 e 43,2 µg L-1 do ingrediente ativo do glyphosate [N-(fosfonometil glicina] no meio YM líquido sobre o crescimento de B. japonicum (estirpe SEMIA 5079 e de B. elkanii (estirpe SEMIA 5019 e estirpe SEMIA 587, por meio de leituras das densidades óticas e geração de curvas de crescimento. As reduções de crescimento na presença da menor concentração do glyphosate foram de 18% para SEMIA 5079, 29% para SEMIA 5019 e de 35% para SEMIA 587, sendo, de modo geral, quanto maior a concentração do herbicida no meio de cultura maior a inibição do crescimen­to. As estirpes apresentaram sensibilidade diferencial somente às concentrações mais baixas do glyphosate; nesse caso, foi possível determinar a seguinte ordem de sensibilidade: SEMIA 587 > SEMIA 5019 > SEMIA 5079. Essa sensibilidade diferencial é dependente da concentração do herbicida, pois na presença de 43,2 µg L-1 todas as estirpes tiveram seu crescimento severamente reduzido, não havendo diferença entre elas.

  8. Padrão de sensibilidade de 117 amostras clínicas de Staphylococcus aureus isoladas em 12 hospitais In vitro antimicrobial susceptibility of 117 clinical isolates of Staphylococcus aureus from 12 hospitals

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W.V.L. Farias

    1997-09-01

    Full Text Available OBJETIVO. Avaliar o padrão de sensibilidade in vitro de amostras clínicas de Staphylococcus aureus sensíveis (OSSA e resistentes à oxacilina (ORSA a outros antimicrobianos que podem ser utilizados no tratamento de infecções estafilocócicas. MATERIAL E MÉTODO. Foram analisadas 117 amostras clínicas de S. aureus isoladas em vários hospitais de São Paulo. Também foram incluídas amostras isoladas em Campinas, SP, e João Pessoa, PB. A avaliação da sensibilidade in vitro aos antimicrobianos foi realizada pela técnica de microdiluição em caldo, utilizando os procedimentos preconizados pelo National Committee for Clinical Laboratory Standards (NCCLS. Foi avaliada a concentração inibitória mínima (MIC para 24 antimicrobianos da classe dos beta-lactâmicos, fluoroquinolonas, aminoglicosídeos, glicopeptídeos, macrolídeos, lincosaminas e estreptograminas. Foram avaliadas tanto drogas disponíveis comercialmente quanto as que ainda se encontram em fase de pesquisa. A resistência cruzada entre dez fluoroquinolonas foi avaliada em 24 amostras. RESULTADOS. Os glicopeptídeos, o RP-59500 e a mupirocina foram os antimicrobianos que apresentaram maior atividade in vitro contra amostras de ORSA (100% sensibilidade. Oitenta e sete por cento das amostras de OSSA foram sensíveis à ciprofloxacina (MIC50 0,25mig/mL, enquanto que, para os ORSA, a sensibilidade foi de apenas 38% (MIC50 >4mig/mL. A resistência cruzada para as fluoroquinolonas foi observada mesmo para drogas não disponíveis comercialmente. As fluoroquinolonas que permaneceram ativas contra amostras resistentes à ciprofloxacina (clinafloxacina e WIN-57.273 apresentaram MICs 8 a 64 vezes mais elevados que as amostras sensíveis à ciprofloxacina, sugerindo que, quando lançadas na prática clínica, esses MICs possam se elevar ainda mais, inviabilizando o uso clínico desses compostos. CONCLUSÃO. Os resultados do presente estudo mostraram uma alta taxa de resistência a

  9. Staphylococcus aureus in cheese

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Dubravka Samaržija

    2007-04-01

    Full Text Available Growth of Staphylococcus aureus in cheese during production and storage can lead to production of enterotoxins responsible for human diseases. Due to specificity of those bacteria and complexity of cheese as a grown media, sometimes in the field it is very difficult to estimate an initial risk assessment of the S. aureus surveying in different cheese varieties. Moreover, the literature data on frequency and proportion of enterotoxigenic strains that cause cheese contamination are significantly different. The purpose of the present review is to objectively assess the risk of the potential occurrences of S. aureus in cheese and significance with respect to safety. The basic characteristics of Staphylococcus aureus, their presence in cheese and its potential risk for health are briefly reviewed. The own results of study relating to the presence of S. aureus in traditional (autochthonous hard sheep cheese made from raw milk are also discussed in this review.

  10. Epidemia de tuberculosis multidrogo resistente y extensivamente resistente a drogas (TB MDR/XDR en el Perú: situación y propuestas para su control

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hernán Del Castillo

    2009-07-01

    Full Text Available En este artículo se describe el estado actual de las epidemias de tuberculosis multidrogo resitente (TB MDR y tuberculosis extensivamente resistente a drogas (TB XDR en el Perú. Se realiza un análisis de nuestra situación con respecto al resto de Latinoamérica, y de la distribución temporo espacial de los casos de TB XDR en Lima. También presentamos nuestra reflexión de lo que está pasando y debe cambiar; lo que se resume en darle la importancia debida a un problema que nos está rebasando y anteponer a nuestros propios intereses, los intereses de la humanidad; por consiguiente no podemos callar, y debemos declarar a la tuberculosis como emergencia sanitaria nacional. Eso constituye una respuesta, esperamos, aún viable para el Perú.

  11. AO Psc time keeping

    Science.gov (United States)

    Bonnardeau, Michel

    2015-07-01

    Eleven seasons, from 2004 to 2014, of photometric monitoring of the intermediate polar AO Psc are presented and are compared with previous observations. The spin up of the white dwarf is found to be slowing down. The amplitudes of the modulated and non-modulated components of the brightness are found to have undergone a major change in 2007.

  12. Isolamento das bactérias causadoras de infecções urinárias e seu perfil de resistência aos antimicrobianos Isolation of bacteria causing urinary tract infection and their antibiotic resistance profile

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Leandro Antonio Soares

    2010-11-01

    Full Text Available A infecção do trato urinário (ITU é uma das causas que frequentemente leva homens e mulheres a procurarem tratamento nas unidades municipais de saúde. O presente trabalho tem por objetivo identificar quais os microorganismos responsáveis por esta infecção e seu perfil de resistência aos antimicrobianos mais utilizados na rede municipal. Foram coletadas 120 amostras de urina de pacientes com suspeita clínica de ITU e processados pelo sistema de laminocultura nos meios CLED, MacConkey e EC cromogênico, no laboratório de microbiologia I do Centro Universitário Positivo (UNICENP. As amostras positivas foram identificadas e submetidas ao antibiograma, sendo 63,64% das infecções presentes causadas por Escherichia coli e 18,18% por Staphylococcus aureus. A faixa etária de 12 aos 33 anos é responsável por mais de 60% das infecções. Foi encontrado um alto índice de amostras contaminadas, mostrando uma dificuldade no entendimento das orientações para a coleta. Outro dado relevante é que dentro do total das amostras analisadas, 35,8% foram de gestantes. Os antimicrobianos de maior sensibilidade para os microorganismos responsáveis pelo ITU foram, em sua maioria, aqueles não disponibilizados pelo SUS. A maioria das bactérias E. coli e 100% dos S. aureus isoladas, porém, apresentaram sensibilidade aos medicamentos Nitrofurantoína e Sulfametoxazol-trimetropim, disponíveis gratuitamente nas unidades de saúde. Com um quadro clínico compatível, o tratamento empírico com as drogas referidas seria adequado, sendo o ideal que se faça um exame de controle pós tratamento para evitar o surgimento de cepas resistentes na comunidade.Urinary tract infection (UTI is among the most frequent causes bringing male and female patients to the municipal health units in search of treatment. This paper aims at identifying the microorganisms responsible for this infection and at establishing their resistance profile against the antibiotics most

  13. Incidência de Enterococcus resistente à vancomicina em hospital universitário no Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Furtado Guilherme Henrique Campos

    2005-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: O enterococo resistente à vancomicina é atualmente um dos principais microorganismos implicados em infecções nosocomiais. Assim, realizou-se estudo com o objetivo de avaliar sua epidemiologia em um hospital terciário de ensino. MÉTODOS: Trata-se de um estudo epidemiológico retrospectivo, realizado de 2000 a 2002, que analisou amostras de culturas clínicas positivas para enterococo resistente à vancomicina (VRE em um hospital universitário com 660 leitos. Procurou-se definir sua incidência e os principais sítios e unidades de isolamento. Foi verificada a significância entre as variáveis nos três anos de estudo, sendo considerado como significante p<0,05. RESULTADOS: Houve aumento progressivo na resistência à vancomicina nas culturas clínicas positivas para Enterococcus spp. nos três anos de estudo. Em 2000, 9,5% das amostras eram resistentes à vancomicina, com aumento para 14,7% em 2001 e 15,8% em 2002. As unidades com maior número de isolados foram respectivamente: pronto-socorro (19,5% e UTI geral (15%; os sítios mais isolados foram: urina (36% e sangue (20%. CONCLUSÕES: Com o aumento progressivo na incidência de resistência à vancomicina e da taxa de VRE, concluiu-se ser necessárias medidas de controle mais efetivas para deter a disseminação do VRE.

  14. Mujeres indígenas sabias y resistentes, 2a. edición

    OpenAIRE

    Lozano Bustos, Janneth; Etter, Karin

    2012-01-01

    Este documento es el resultado de diferentes procesos de reflexión desarrollados durante los últimos seis años por la Organización Nacional Indígena de Colombia (ONIC) con las mujeres de diferentes pueblos y organizaciones regionales. Una primera edición de este libro fue publicada en enero de 2008; en ella se recogían las conclusiones de la investigación Mujeres indígenas, sabias y resistentes. Voces y vivencias. En esta oportunidad, entregamos una segunda edición, en la cual actualizamos al...

  15. Cepas de Campylobacter jejuni resistentes a quinolonas aisladas de humanos, gallinas y pollos

    OpenAIRE

    Rodolfo Notario; Noemí Borda; Telma Gambandé; Joaquín Bermejo; Adriana Ponessa; Virginia Toledo

    2011-01-01

    Se compararon 8 aislamientos de Campylobacter jejuni provenientes de humanos con enfermedad diarreica aguda, con 23 aislamientos de cloaca de gallinas y pollos obtenidos de zonas próximas a la ciudad de Rosario, todos resistentes a la ciprofloxacina. Las muestras se sembraron en agar selectivo y se incubaron en microaerofilia a 42 °C. Las colonias se identificaron con el método tradicional. Los aislamientos se conservaron a -70 °C en caldo cerebro corazón con 17% v/v de glicerina. La clonalid...

  16. Vulnerabilidad a la lesión deportiva : personalidad resistente, ansiedad competitiva y competitividad.

    OpenAIRE

    Prieto Andreu, Joel Manuel

    2013-01-01

    En la última década se ha demostrado la importancia que poseen los factores psicológicos en la vulnerabilidad de los deportistas a sufrir lesiones. La personalidad es uno de los elementos más importantes en el modelo de estrés y lesión de Andersen y Williams (1998) donde los elementos básicos de la personalidad, quizá los menos estudiados, como la personalidad resistente, la ansiedad competitiva y la competitividad, se relacionan en un sentido bidireccional con otros elementos del modelo, pos...

  17. Bacterias resistentes a antibióticos en aguas grises como agentes de riesgo sanitario

    OpenAIRE

    Nuñez,Lidia; Tornello,Carina; Puentes,Noel; Moretton, Juan

    2012-01-01

    La eliminación y disposición final de las aguas residuales originadas por las actividades domésticas constituye un importante problema sanitario en áreas urbanas densamente pobladas. En muchas zonas del Gran Buenos Aires las aguas grises se eliminan en zanjas a cielo abierto cuyo riesgo potencial no ha sido adecuadamente cuantificado. El objetivo de este trabajo fue evaluar la prevalencia de bacterias resistentes y el perfil de resistencia a antibióticos, en muestras de aguas grises de canale...

  18. Comportamento em populações de Sitophilus zeamais resistentes a inseticidas

    OpenAIRE

    Guedes, Nelsa Maria Pinho

    2008-01-01

    O principal método de controle contra o caruncho-do-milho em clima tropical é o uso de inseticidas, particularmente piretróides, devido à falta de métodos alternativos de controle. Custos adaptativos associados à resistência a inseticidas foram observados em linhagens de Sitophilus zeamais Motschulsky (Coleoptera: Curculionidae). Linhagens de Sitophilus zeamais susceptíveis e resistentes a piretróides foram usadas para avaliar o processo comportamental e o resultado da competição larval dentr...

  19. Perfil fenotípico e genotípico de Staphylococcus aureus isolados de estudantes de enfermagem, 2008 Perfil fenotípico y genotípico del Staphylococcus aureus aislados de estudiantes de enfermería, 2008 Phenotypic and genotypic profile of Staphylococcus aureus isolated in nursing students, 2008

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Suelen Teixeira Faria

    2011-01-01

    Full Text Available OBJETIVO: Verificar a prevalência de carreamento nasal, perfil fenotípico e genotípico de S. aureus isolados de estudantes de enfermagem. MÉTODOS: Estudo transversal, com população composta por 101 alunos, cursando as três primeiras séries do curso de graduação em Enfermagem no ano de 2008. S. aureus foi isolado de material biológico obtido dos vestíbulos nasais através de swab. A susceptibilidade à oxacilina e vancomicina foi determinada pelo teste de concentração inibitória mínima. A presença do gene MecA foi determinada pelo teste de reação em cadeia da polimerase. RESULTADOS: Verificou-se 90,1% de positividade para S. aureus. A frequência de resistência à oxacilina foi de 9,8% e todas as amostras foram sensíveis à vancomicina. A oito amostras resistentes À oxacilina apresentaram o gene MecA. CONCLUSÃO: A prevalência foi elevada. A resistência à oxacilna foi expressiva e todas as amostras foram sensíveis à vancomicina. As amostras resistentes à oxacilina carreavam o gene MecA.OBJETIVO: Verificar la prevalencia de transporte nasal, perfil fenotípico y genotípico de S. aureus aislados de estudiantes de enfermería. MÉTODOS: Estudio transversal, con población compuesta por 101 alumnos, cursando las tres primeras series del Pregrado en Enfermería en el año 2008. El S. aureus fue aislado del material biológico obtenido de los vestíbulos nasales a través de swab. La susceptibilidad a la oxacilina y vancomicina fue determinada por el test de concentración inhibitoria mínima. La presencia del gen MecA fue determinada por el test de reacción en cadena de la polimerasa. RESULTADOS: Se verificó el 90,1% de positividad para el S. aureus. La frecuencia de resistencia a la oxacilina fue de 9,8% y todas las muestras fueron sensibles a la vancomicina. Las ocho muestras resistentes a la oxacilina presentaron el gen MecA. CONCLUSION: La prevalencia fue elevada. La resistencia a la oxacilina fue expresiva y todas

  20. Determinação da resistência antimicrobiana associada em isolados clínicos de Staphylococcus aureus e Pseudomonas aeruginosa em um hospital público de Goiânia, Estado de Goiás

    OpenAIRE

    Kobayashi,Cláudia Castelo Branco Artiaga; Sadoyama,Geraldo; Vieira,José Daniel Gonçalves

    2009-01-01

    Este estudo avaliou a resistência antimicrobiana associada de Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus a um agente antimicrobiano com outras drogas. A resistência antimicrobiana associada foi calculada através do risco relativo. Houve uma relação óbvia entre resistência à oxacilina e a outros agentes antimicrobianos entre os isolados de Staphylococcus aureus resistentes à oxacilina (68,5%) superior a 32%, com exceção da linezolida (6,7%). Resistência associada pronunciada entre drogas f...

  1. Determinação da resistência de Staphylococcus aureus: um desafio?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M. S. G. RADDI

    2009-07-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil de resistência de cepas de Staphylococcus aureus, com diferentes padrões de eletroforese em campo pulsado (PFGE, em relação à resistência induzida à clindamicina e caracterizar cepas resistentes à oxacilina por testes fenotípicos. Do total de 18 cepas diferenciadas por PFGE, isoladas dos sítios nasais ou linguais de portadores adultos saudáveis, sem doença de base, sem histórico de uso de antibióticos e internações hospitalares, quatro (22,2% apresentaram sensibilidade à clindamicina no antibiograma convencional, mas demonstraram resistência no D-teste; uma cepa (5,6% foi caracterizada como BORSA (borderline em relação à resistência a oxacilina e outra (5,6% CA MRSA (S.aureus meticilina/oxacilina resistente associado à comunidade, ambas sensíveis à cefoxitina pelo teste de disco difusão. A caracterização molecular pela reação em cadeia para polimerase (PCR da cepa identificada fenotipicamente como CA MRSA não revelou a presença do gene mecA, indicando tratar-se de cepa BORSA. Estes resultados apontam a importância do emprego rotineiro do D-teste como ferramenta para a determinação da resistência do tipo induzida à clindamicina, bem como para a importância da inclusão do teste de resistência à cefoxitina entre os métodos fenotípicos para caracterização de MRSA. Palavras-chave: Staphylococcus aureus. Caracterização fenotípica. D-teste. MRSA.

  2. AO Group Annual Report

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Olivier, S

    2005-10-04

    The Adaptive Optics (AO) Group in I Division develops and tests a broad range of advanced wavefront control technologies. Current applications focus on: Remote sensing, High power lasers, Astronomy, and Human vision. In the area of remote sensing, the AO Group leads a collaborative effort with LLNL's Nonproliferation, Arms Control & International Security (NAI) Directorate on Enhanced Surveillance Imaging. The ability to detect and identify individual people or vehicles from long-range is an important requirement for proliferation detection and homeland security. High-resolution imaging along horizontal paths through the atmosphere is limited by turbulence, which blurs and distorts the image. For ranges over {approx}one km, visible image resolution can be reduced by over an order of magnitude. We have developed an approach based on speckle imaging that can correct the turbulence-induced blurring and provide high resolution imagery. The system records a series of short exposure images which freeze the atmospheric effects. We can then estimate the image magnitude and phase using a bispectral estimation algorithm which cancels the atmospheric effects while maintaining object information at the diffraction limit of the imaging system.

  3. Factores de riesgo para bacteriemia por Pseudomonas aeruginosa resistente a carbapenémicos adquirida en un hospital colombiano

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Liliana Valderrama

    2016-04-01

    Conclusión. Para el control de la aparición de P. aeruginosa resistente a carbapenémicos, se deben fortalecer los programas de control de antimicrobianos, promover el uso prudente de carbapenémicos y quinolonas, y vigilar el uso adecuado de la nutrición parenteral.

  4. 'CRIOLLO-9', UN CULTIVAR DE AJO RESISTENTE A LAS ENFERMEDADES FITOPATÓGENAS Y ELEVADO POTENCIAL DE RENDIMIENTO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Humberto Izquierdo Oviedo

    2012-01-01

    Full Text Available Se presentan las principales características del clon 'Criollo-9', saneado y rejuvenecido mediante la técnica de cultivo de meristemos. Este genotipo se mostró resistente ante las plagas y enfermedades que afectan a este cultivo y tuvo un elevado potencial de rendimiento.

  5. Detection of methicillin resistance and slime factor production of Staphylococcus aureus in bovine mastitis Detecção de resistência a meticilina e produção do fator slime por Staphylococcus aureus em mastite bovina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Alper Ciftci

    2009-06-01

    Full Text Available This study aimed to detect methicillin resistant and slime producing Staphylococcus aureus in cases of bovine mastitis. A triplex PCR was optimized targetting 16S rRNA, nuc and mecA genes for detection of Staphylococcus species, S. aureus and methicillin resistance, respectively. Furthermore, for detection of slime producing strains, a PCR assay targetting icaA and icaD genes was performed. In this study, 59 strains were detected as S. aureus by both conventional tests and PCR, and 13 of them were found to be methicillin resistant and 4 (30.7% were positive for mecA gene. Although 22 of 59 (37.2% S. aureus isolates were slime-producing in Congo Red Agar, in PCR analysis only 15 were positive for both icaA and icaD genes. Sixteen and 38 out of 59 strains were positive for icaA and icaD gene, respectively. Only 2 of 59 strains were positive for both methicillin resistance and slime producing, phenotypically, suggesting lack of correlation between methicillin resistance and slime production in these isolates. In conclusion, the optimized triplex PCR in this study was useful for rapid and reliable detection of methicillin resistant S. aureus. Furthermore, only PCR targetting icaA and icaD may not sufficient to detect slime production and further studies targetting other ica genes should be conducted for accurate evaluation of slime production characters of S. aureus strains.Este estudo objetivou a detecção de Staphylococcus aureus resistente a meticilina e produtor do fator slime em casos de mastite bovina. Um PCR triplex foi otimizado, com alvo no genes 16SrRNA, nuc e mecA para detecção de Staphylococcus spp, S. aureus e resistencia a meticilina, respectivamente. Para detecção das cepas produtoras do fator slime, empregou-se um PCR com alvo nos genes icaA e icaD. No estudo, 59 cepas foram identificadas como S. aureus por testes convencionais e PCR, sendo 13 resistentes a meticilina e quatro positivas para o gene mecA. Embora 22 das 59 cepas

  6. Carta ao Leitor

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Equipe Editorial RMCEAD

    2015-06-01

    Full Text Available Aos Leitores Caríssimos leitores, Com grande entusiasmo, apresentamos a mais nova edição da Revista Multitexto do CEAD/Unimontes. Esta edição conta com 12 novos trabalhos que, sob um prisma transdisciplinar de reflexões, tecem suas leituras e arranjos metodológicos incidindo sobre as ciências e a realidade, seu teor e proposta. Trata-se de artigos originais e de revisão que promovem um diálogo aberto com o mundo contemporâneo. O estado da arte de diversas linhas temáticas foram selecionados para que a comunidade científica possa celebrar o conhecimento dispensado nas páginas materiais e virtuais desse periódico em crescimento. Em seu terceiro ano de experiências em coligir e abrigar estudos de recorte interdisciplinar, com enfoque especial ao rol de temáticas da Educação a Distância, a Revista Multitexto adquire mais entusiasmo. Entusiasmo para se debruçar sobre textos que se expandem sobre o cotidiano e integram os caminhos acadêmicos aos caminhos da vida. Você será capaz de imergir em pesquisas e perspectivas que celebram o conhecimento como ferramenta de transformação da realidade. E, como costumeiro deste periódico, equipe editorial e instituição, trata-se da celebração de uma paixão inveterada pelo conhecimento. A jornada deste periódico caminha para a maturação de seus autos e de motivações originárias. É cada vez mais seguro o ensejo pela pesquisa nesta instituição de salvaguarda e é cada vez mais expressivo o esforço conjunto para que o conhecimento através de múltiplos textos – como propõe a denominação deste periódico – transpasse a realidade com frutos e benefícios amplos. Aprecie as colaborações da presente edição e junte-se neste tráfego do conhecimento, no qual o mundo hoje se move. Com grande estima, Equipe Editorial

  7. Resistência de plantas aos herbicidas inibidores da acetolactato sintase Plant resistance to acetolactate synthase-inhibiting herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A. Rizzardi

    2002-04-01

    Full Text Available A resistência de plantas aos herbicidas é conseqüência, na maioria das vezes, de mutação ou da preexistência de genes que conferem resistência à população. No caso dos herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS ocorreram casos de resistência tanto em plantas daninhas quanto em culturas. Essa revisão foi realizada com o objetivo de discutir aspectos bioquímicos, genéticos e moleculares da resistência de plantas aos herbicidas inibidores da ALS, sendo destacados também os efeitos na ecofisiologia das plantas daninhas e em mutações que conferem resistência em plantas daninhas e a possibilidade de utilizá-las para o desenvolvimento de culturas resistentes aos inibidores da ALS. Em plantas daninhas, a resistência aos herbicidas inibidores da ALS resulta de uma ou mais mutações no gene que codifica a ALS; quando a herança desse gene é monogênica, ele possui característica dominante a semidominante. As substituições em uma única seqüência nucleotídica ocasionam alteração na ALS, conferindo resistência aos herbicidas inibidores dessa enzima. Embora o biótipo resistente apresente alteração genética e enzimática quando comparado com biótipo suscetível, o comportamento ecofisiológico dos biótipos resistentes e suscetíveis é similar. Essa característica tem implicações muito importantes no estabelecimento das populações resistentes. Já foram desenvolvidos cultivares resistentes para diversas culturas, incluindo arroz e milho, as quais variam no nível de resistência aos diferentes grupos químicos de herbicidas inibidores da ALS.Herbicide resistance in plants arises mostly through mutation or pre-existence of genes that confer resistance to the population. When using herbicides inhibitors of the acetolactate synthase (ALS, resistance has occurred in weeds as well as in crops. This literature review was conducted to discuss biochemical, genetic, and molecular aspects of plant resistance to ALS

  8. Identificação de progênies de tomateiro resistentes à murcha-bacteriana

    OpenAIRE

    Silveira,Elineide B.; Andréa M.A. Gomes; Ferraz,Edinardo; Maranhão,Elizabeth A. A.; Rosa L.R. Mariano

    1999-01-01

    Uma amostra de 660 plantas de uma população F6 de tomateiro, obtida pelo cruzamento das cultivares CL5915-93 (moderadamente resistente) e IPA-6 (suscetível) foi avaliada para resistência a Ralstonia solanacearum em condições de campo (28 ± 4ºC e UR 70 ± 5,5%), em março de 1996 na UFRPE. Plantas com 20 dias foram inoculadas com a biovar III do patógeno pela deposição de 5 ml de uma suspensão (5x10(8) UFC/ml) na base de cada planta, duas horas antes do transplantio para canteiros no campo. As a...

  9. Cepas de Campylobacter jejuni resistentes a quinolonas aisladas de humanos, gallinas y pollos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo Notario

    2011-08-01

    Full Text Available Se compararon 8 aislamientos de Campylobacter jejuni provenientes de humanos con enfermedad diarreica aguda, con 23 aislamientos de cloaca de gallinas y pollos obtenidos de zonas próximas a la ciudad de Rosario, todos resistentes a la ciprofloxacina. Las muestras se sembraron en agar selectivo y se incubaron en microaerofilia a 42 °C. Las colonias se identificaron con el método tradicional. Los aislamientos se conservaron a -70 °C en caldo cerebro corazón con 17% v/v de glicerina. La clonalidad se determinó por RAPD-PCR, utilizando el primer 1254 (Stern NJ. Se interpretaron los aislamientos como clones distintos cuando diferían en una banda de amplificación. Se obtuvieron 5 clones diferentes. Los patrones I, II y V fueron aislados en criaderos industriales de pollos y en humanos (el II también en un establecimiento de gallinas ponedoras de huevos. En un gallinero familiar se obtuvo el patrón I. El patrón III sólo se obtuvo de humanos. El patrón IV se halló en uno de los criaderos pero no en humanos. Se pudo determinar que 93.5% de las cepas se aislaron tanto de animales como de humanos, por lo que se considera posible que la colonización de criaderos con cepas resistentes a los antimicrobianos pudiera ser el origen de la infección de humanos.

  10. Avaliação da hipertensão arterial resistente pela monitorização residencial da pressão arterial Evaluación de la hipertensión arterial resistente por monitoreo residencial de la presión arterial Assessment of resistant hypertension with home blood pressure monitoring

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fabiane Rosa Rezende H. Marui

    2010-10-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: A monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA é considerada o padrão-ouro para a confirmação diagnóstica da hipertensão arterial resistente (HAR. No entanto, a monitorização residencial da pressão arterial (MRPA tem sido considerada uma opção, pelo seu custo menor e maior conforto. OBJETIVO: Comparar os valores obtidos pela MRPA com os obtidos pela MAPA na identificação de pacientes hipertensos resistentes. MÉTODOS: Foram selecionados consecutivamente 51 pacientes hipertensos resistentes, adultos de ambos os sexos, em tratamento ambulatorial de referência, de jan/2007 a set/2009. A medida da pressão arterial (PA casual de consultório, MAPA de 24 horas e MRPA foram realizadas conforme as diretrizes vigentes, com intervalo máximo de duas semanas entre os métodos. RESULTADOS: Ao comparar a MAPA (média de vigília e MRPA, foi obtida boa correlação entre ambas, tanto para a pressão arterial sistólica (PAS quanto para a diastólica (PAD: PAS r = 0,70, IC = 0,51-0,82; PAD r = 0,69, IC = 0,52-0,81. A HAR foi confirmada pela MAPA em 33 pacientes e pela MRPA em 37 desses, não havendo diferença significante entre os dois métodos. CONCLUSÃO: De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que a MRPA é um exame que pode ser utilizado como alternativa à MAPA para a confirmação diagnóstica da HAR.FUNDAMENTO: El monitoreo ambulatorio de la presión arterial (MAPA es considerado el gold standard para la confirmación diagnóstica de la hipertensión arterial resistente (HAR. Mientras tanto, el monitoreo residencial de la presión arterial (MRPA ha sido considerado una opción, por su costo menor y mayor confort. OBJETIVO: Comparar los valores obtenidos por la MRPA con los obtenidos por la MAPA en la identificación de pacientes hipertensos resistentes. MÉTODOS: Fueron seleccionados consecutivamente 51 pacientes hipertensos resistentes, adultos de ambos sexos, en tratamiento ambulatorio de referencia, de

  11. CAMBIOS EN EL PERFIL FUNCIONAL DE PACIENTES CON PATOLOGÍA PSIQUIÁTRICA RESISTENTE SOMETIDOS A NEUROCIRUGÍA FUNCIONAL ESTEREOTÁCTICA

    OpenAIRE

    Lucía A. Ledesma-Torres; Pamela García-Saldivar; Cristina Rodríguez-Hernández; Omar Medrano-Espinosa; Óscar Meneses-Luna; Francisco J. Valencia- Granados; Manuel Hernández-Salazar

    2014-01-01

    Con el objetivo de evaluar los resultados de la Neurocirugía Funcional Estereotáctica (NFE) sobre el perfil funcional de los pacientes diagnosticados con Patología Psiquiátrica Resistente (PPR), se realizó un diseño pre/post tratamiento. 13 pacientes fueron evaluados ( x = 31 ± 8 años): siete mujeres diagnosticadas con algún Trastorno de la Conducta Alimentaria Resistente (TCAR); tres mujeres diagnosticadas con Trastornos Resistentes Obsesivo Compulsivo y Depresivo (TOC y DR) y tres pacientes...

  12. Monitorização ambulatorial da pressão arterial e risco cardiovascular em mulheres com hipertensão resistente Monitoreo ambulatorio de la presión Arterial y riesgo cardiovascular en mujeres con hipertensión resistente Ambulatory blood pressure monitoring and cardiovascular risk in resistant hypertensive women

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Monica Maria Ferreira Magnanini

    2009-06-01

    Full Text Available FUNDAMENTO: Poucos estudos exploraram o valor prognóstico da monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA em pacientes hipertensos resistentes, um grupo que apresenta alto risco. OBJETIVO: Investigar o valor prognóstico da pressão arterial (PA de vigília, em mulheres hipertensas resistentes. MÉTODOS: Foram acompanhadas por até 8,9 anos (média 3,9, 382 mulheres hipertensas resistentes com idade entre 24-92 anos, atendidas em uma unidade de hipertensão de um hospital universitário. As pacientes foram classificadas como controladas (PA de consultório > 140/90 mmHg e PA de vigília 140/90 mmHg e PA de vigília > 135/85 mmHg. Analisou-se uma combinação de mortalidade cardiovascular, cardiopatia isquêmica, acidente vascular encefálico e nefropatia. Utilizou-se o modelo proporcional de Cox para estimar o risco de eventos cardiovasculares ajustado para potenciais confundidores. RESULTADOS: A taxa total de eventos foi de 5,0 por 100 mulheres-ano. No grupo de controladas esse valor foi de 3,7 e entre as não-controladas, de 5,8, com p=0.06. Os riscos relativos associados ao aumento de 10 mmHg na PA sistólica, ajustando para idade e tabagismo atual, foram maiores que os associados a aumentos de 5 mmHg na PA diastólica. Pacientes com descenso noturno 10%, embora essa associação não tenha sido estatisticamente significante. A pressão de vigília não controlada (sim/não foi um forte fator de risco independente, 1,67 (1,00-2,78. CONCLUSÃO: O aumento de 67% no risco de evento cardiovascular quando a PA de vigília não estava controlada é indicador de que o uso da MAPA é essencial na avaliação do controle e como guia das decisões terapêuticas na hipertensão resistente.FUNDAMENTO: Pocos estudios exploraron el valor pronóstico del monitoreo ambulatorio de presión arterial (MAPA en pacientes hipertensos resistentes, un grupo que presenta alto riesgo. OBJETIVO: Investigar el valor pronóstico de la presión arterial (PA

  13. Fontes de resistência em melancia aos principais potyvírus isolados de cucurbitáceas no Nordeste brasileiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveira Vanuzia B. de

    2002-01-01

    Full Text Available A melancia, Citrullus spp., pode ser infetada por várias espécies de vírus, dentre as quais se destacam as pertencentes à família Potyviridae. Visando identificar fontes de resistência a potyvírus, foi iniciado na UFC um programa de indexação do banco de germoplasma de melancia da Embrapa Semi-Árido. Foram utilizadas as espécies de potyvírus, isoladas de cucurbitáceas no Nordeste: Papaya ringspot virus type W (PRSV-W; Watermelon mosaic virus-2 (WMV-2 e Zucchini yellow mosaic virus (ZYMV. Dos 50 acessos de melancia avaliados, 37 pertencem a Citrullus lanatus, 9 a C. lanatus var. citroides e 4 a C. colocynthis. Em casa-de-vegetação foram inoculadas 4 plantas envasadas de cada acesso com PRSV-W, 4 com WMV-2 e 4 com ZYMV, ficando 4 sem inoculação. As inoculações foram efetuadas 8 dias após o plantio, e 15 dias depois. As plantas assintomáticas foram reinoculadas. As plantas que persistiram sem sintomas, após um período de 25 dias após a primeira inoculação, foram testadas por ELISA contra os anti-soros correspondentes. Dentre os acessos avaliados, 5 mostraram-se resistentes aos 3 vírus, um resistente somente ao PRSV-W, 21 resistentes somente ao ZYMV e nenhum com resistência isolada ao WMV-2. No entanto, 45 acessos apresentaram resistência ao ZYMV isoladamente ou em combinação com outro potyvírus. Os acessos suscetíveis, apresentaram sintomas 10 dias após a primeira inoculação enquanto que os resistentes permaneceram sem sintomas após a segunda inoculação e com resultados negativos em ELISA. Alguns acessos poderão ser cruzados visando obter populações segregantes para a seleção de indivíduos homozigotos recessivos e, juntamente com os acessos com resistência tripla identificados, ampliar a variabilidade genética de fontes quanto a características de planta e fruto.

  14. O combate ao escorpionismo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Octavio de Magalhães

    1946-09-01

    Full Text Available O outor estuda os processos de combate aos acidentes pelas picadas dos escorpiões, visando: a Profilaxia e b Terapêutica. Refere-se à luta nos campos e nas cidades e aqui, dentro e fora dos domicílios. Assinala os diferentes métodos para o combate a êsses artrópodos peçonhentos. Fala na luta direta, indireta, na vacinação pelo anaveneno, na propaganda pela educação racional da população contra o perigo dos acidentes. Refere-se à "cata" dos escorpiões, à luta química, ao emprêgo de animais escorpiófagos, á feitura de casas e jardins anti-escorpiões. Na primeira parte do presente trabalho o autor trata da luta química pelo d. D. T. contra os tityus bahiensis e serrulatus, concluindo que êste corpo químico é um poderoso elemento de luta contra êstes escorpiões. Na segunda parte do trabalho, o autor trata da terapêutica dos acidentes. Mostra a necessidade do emprêgo convenientemente da única terapêutica racional e eficaz contra a intoxicação escorpiônica: a soroterapia específica. Assinala a necessidade da injeção de doses maciças de um sôro de alta valência, preparado em bovídeos, para evitar o mais possível o choque anafilático, no menor tempo possível após as picadas. Aconselha o empêgo de anaveneno escorpiônico, para vacinação principalmente de crianças de baixa idade, nos lugares fortemente infestados pelos escorpiões (principalmente Tityus serrulatus, maximé quando no local não houver sôro anti-escorpiônico específico, como meio preventivo contra a gravidade das intoxicações. Cita finalmente os trabalhos recentes de Grasset, Shaasfsma e Hodgson, na África do Sul, que confirmam muitas idéias do autor e mostram a unidade universal do síndromo escorpiônico descrito no Brasil.

  15. Caracterización de Staphylococcus Aureus aislados del personal de salud de un hospital de mediana complejidad de la ciudad de Cali en el año 2012

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mónica Chávez

    2014-04-01

    Full Text Available Introducción. Los estudios de Staphylococcus aureus en personal de salud permiten reducir su diseminación en las infecciones intrahospitalarias y mejorar la calidad de vida de los pacientes. La colonización por S. aureus en personal de salud de un hospital de tercer nivel, se evaluó caracterizándolo fenotípica y molecularmente. Métodos: Una población de 62 trabajadores y 216 estudiantes de medicina, mediante análisis del antibiograma y polimorfismo del gen agr. Resultados: S. aureus colonizó el 30,1% del personal; 17,5% trabajadores, 33,8% estudiantes. El 10,8% fueron meticilino-resistentes, 9 aislados presentaron el gen mecA, ocho resistentes a oxacilina y cefoxitina (88,9% de sensibilidad. La variante II considerada de origen hospitalario, se presentó en el 7,7% de aislados, el agr tipo III de origen comunitario en el 27,6% de aislados meticilino-sensibles. Conclusión. El personal hospitalario presentó colonización por S. aureus de origen hospitalario y comunitario. Es necesario adoptar medidas profilácticas e higiénicas para evitar diseminación y prevenir infecciones.

  16. Staphylococcus aureus bacteremia.

    Science.gov (United States)

    Jensen, Allan Garlik

    2003-11-01

    Staphylococcus aureus bacteremia (SAB) is still associated with a high mortality, and knowledge on risk factors and the clinical and the therapeutic aspects of SAB is still limited. This thesis focuses on the clinical aspects of SAB and its metastatic infections. In a study of all patients with bacteremia in Copenhagen County October 1992 through April 1993 (study I) we emphasized previous findings, that S. aureus is one of the most frequent pathogens in bacteremia, and in a case control study also in Copenhagen County 1994-95 (study II) we demonstrated, that not only an inserted central venous catheter and nasal S. aureus carriage but also hyponatremia and anemia are important risk factors for hospital-acquired SAB (study II). Studies on the treatment of SAB have pointed out, that the eradication of a primary is important, but there are only limited clinical studies dealing with antibiotic treatment. By logistic regression analysis, we were able to demonstrate that focus eradication is essential, but also that treatment with dicloxacillin 1 g x 4 or 2 g x 3 are superior to 1 g x 3 (studie III), indicating that the time for serum concentration above the Minimal Inhibitory Concentration (MIC) for the bacteria plays a role in the outcome of SAB treatment. S. aureus osteomyelitis secondary to SAB is frequently observed. No other countries, however, have a centralized registration, which make it possible to evaluate a large number of these patients. Since 1960, The Staphylococcal Laboratory, Statens Serum Institut in Copenhagen, has registrated selected clinical informations from nearly all patients with positive blood cultures of S. aureus. Based on this registration, we were able to show an increased number of S. aureus osteomyelitis among older patients and a decreased number of S. aureus osteomyelitis of femur and tibia among younger infants in the period 1980-90 (study IV). By reviewing the records of a large number of patients with vertebral S. aureus

  17. BRS 153: cultivar de soja com boa adaptação ao sistema plantio direto no Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bonato Emídio Rizzo

    2002-01-01

    Full Text Available A cultivar de soja BRS 153, oriunda do cruzamento EMBRAPA 1 x Braxton, é de ciclo médio, possui plantas de crescimento determinado, flor branca, pubescência cinza e grãos de hilo marromclaro. É resistente ao cancro-da-haste (Diaporthe phaseolorum f. sp. meridionalis, à podridão-parda-da-haste (Phialophora gregata, à mancha-olho-de-rã (Cercospora sojina e ao oídio (Microsphaera diffusa. O rendimento médio de grãos, em 19 ambientes do Rio Grande do Sul, foi 12% e 14% superior aos das cultivares RS 7-Jacuí e BR-16, respectivamente. É indicada para semeaduras em novembro, em todo o Rio Grande do Sul.

  18. Nuevos genotipos de arroz resistentes a la Piriculariosis obtenidos por cultivo de anteras

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rodolfo I Castro

    2012-04-01

    Full Text Available Normal 0 21 false false false ES-CO X-NONE X-NONE MicrosoftInternetExplorer4 Título en inglés: New blast resistant rice genotypes obtained by and anthers culture. Resumen: En la Estación Experimental del Arroz Los Palacios, perteneciente al Instituto Nacional de Ciencias Agrícolas de Cuba (INCA, se efectuaron cruzamientos entre cuatro cultivares resistentes a la Piriculariosis y seis de buen comportamiento agronómico y las anteras de las plantas F2 fueron cultivadas in vitro para evaluar la formación de callos en tres medios líquidos: N6-1, N6-m y NL, así como la regeneración de plantas verdes y albinas, en el medio MS. Las dos primeras generaciones de las nuevas líneas obtenidas fueron evaluadas para caracteres agronómicos y la segunda generación, además, para resistencia frente a la  Piriculariosis. Las líneas que combinaron resistencia a la Piriculariosis y buenos caracteres agronómicos fueron evaluadas en condiciones de infección natural, con alta presión del patógeno. La utilización de la técnica del cultivo de anteras mostró alta dependencia del genotipo y el medio de cultivo. Con el medio NL se lograron los valores más altos para la formación de callos. Se obtuvieron nuevos genotipos resistentes a la Piriculariosis y  de alto rendimiento agrícola. Palabras clave: Arroz; Mejoramiento genético; Cultivo in Vitro de anteras Summary: Crosses were made between four blast resistant and six rice varieties of good agronomic performance, at the Los Palacios Rice Research Station of the National Agricultural Sciences Institute of Cuba (INCA and the anthers from F2 plants were in vitro culture using three liquid media: N6-1, N6m, and NL, for callus formation and after plants regenerations using MS medium. The first two generations of breeding lines were evaluated for agronomic characters and the second generations, also, for Blast resistant. The lines that combined resistance to Blast and good agronomic performance were

  19. Base genética da resistência de um acesso de tomate silvestre ao mosaico-amarelo do pimentão

    OpenAIRE

    Juhász,Ana Cristina Pinto; Silva,Derly José Henriques da; Zerbini Júnior,Francisco Murilo; Carneiro,Pedro Crescêncio Souza; Soares,Bruno Oliveira; Cruz,Cosme Damião

    2008-01-01

    O objetivo deste trabalho foi avaliar a base genética da resistência de Lycopersicon hirsutum ao potyvírus Pepper yellow mosaic virus (PepYMV). Foram avaliadas 540 plantas, inclusive os parentais 'Santa Clara' (suscetível) e 'BGH 6902' (resistente), e as gerações F1, F2, RC1:1 e RC1:2, derivadas do cruzamento desses parentais. As plantas receberam inoculações mecanicamente, e a concentração viral de PepYMV em cada planta foi determinada por ELISA indireto. Foram realizadas as análises quantit...

  20. Caracterização molecular do loco Red associado a resistência ao oídio da soja

    OpenAIRE

    Pereira,Alan Alves

    2015-01-01

    Diante da importância da cultura da soja e da severidade do oídio em causar danos, este estudo teve como principais objetivos avaliar linhagens endogâmicas recombinantes de soja para resistência a este patógeno e caracterizar molecularmente os genes de resistência localizados na região de mapeamento do loco Red, que confere resistência ao oídio em soja. Avaliações fenotípicas realizadas em 109 famílias derivadas do cruzamento entre o acesso BRI01-22106 (Resistente) e o acesso PI200487 (Suscet...

  1. Fontes de resistência em tomateiro aos begomovírus bissegmentados Tomato yellow spot virus e Tomato severe rugose virus

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Os begomovírus causam doenças de grande importância econômica em diversas culturas, principalmente em regiões tropicais e subtropicais. Juntamente com outras famílias de vírus, os begomovírus têm causado grande prejuízo para os produtores de tomate in natura e para processamento industrial. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de 11 genótipos resistentes ao Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) frente à infecção pelos begomovírus Tomato yellow spot virus (ToYSV) e Tomato seve...

  2. ANÁLOGO ANDROESTÉRIL DE LA VARIEDAD COMERCIAL DE TABACO CUBANA 'VIRGINIA RESISTENTE'

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    María del C. López

    2005-01-01

    Full Text Available Con el objetivo de transferir esterilidad masculina citoplasmática (EMC a la variedad cubana 'Virginia Resistente', en el Instituto de Investigaciones del Tabaco de Cuba, se inició en 1996 un programa de retrocruzamiento en una línea portadora de fuente de androesterilidad de la especie Nicotiana bigelovii, utilizando como progenitor recurrente a la nueva variedad cubana. Después del sexto retrocruce, la línea androestéril obtenida fue comparada con la variedad fértil mediante una prueba "t" de Student de comparación de medias. No existen diferencias significativas entre el análogo androestéril obtenido y la variedad comercial, por lo que se demuestra que no existe un efecto negativo de interacción del citoplasma extraño, utilizado para incorporar la androesterilidad con el núcleo de Nicotiana tabacum. Este resultado facilita la producción de híbridos F1 en cantidades suficientes, como para garantizar la producción de semilla androestéril comercial.

  3. Bioactividad de microorganismos nativos sobre infecciones en naranjas de Penicillium digitatum resistente y sensible a fungicidas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Griselda Visintin

    2007-01-01

    Full Text Available El objetivo del trabajo que se expone fue evaluar tres microorganismos locales por su efecto supresor de podredumbres causadas por Penicillium digitatum sobre naranjas Valencia Late. Frutas en madurez comercial fueron inoculadas por heridas con 40 μl de suspensión microbiana a una concentración de 107-108 ufc/ml. Dos horas después, se aplicaron 20 μl de suspensión conteniendo 3,8 x 106 con/ml de Penicillium resistente y sensible a fungicidas de síntesis. Las frutas se incubaron durante 8 días, bajo condiciones de laboratorio usando un DCA de 5 tratamientos de 25 frutas, con 4 repeticiones. Se registró la incidencia acumulada de frutas podridas, se obtuvieron las tasas de infección ajustando las curvas de progreso a modelos matemáticos y el porcentaje de eficacia para cada tratamiento. La capacidad bioactiva de los agentes evaluados fue mayor sobre la cepa de Penicillium sensible a fungicidas. Dentro de los microorganismos nativos, CNOV1 bacteria obtenida del frutoplano de naranja, resultó el aislamiento más eficaz, logrando las menores incidencias de frutas sintomáticas y las menores tasas de infección sobre naranjas Valencia Late.

  4. BANCO DE SEMENTES E ARTROPODOFAUNA ASSOCIADA À SOJA RESISTENTE AO GLIFOSATO EM FUNÇÃO DO MANEJO DE PLANTAS DANINHAS

    OpenAIRE

    Julcemar Didonet

    2012-01-01

    As plantas daninhas interferem no desenvolvimento e produtividade da soja e a infestação está diretamente relacionada com o banco de sementes do solo que reflete as práticas agrícolas adotadas. Também podem ser hospedeiras dos insetos-pragas da cultura e/ou seus inimigos naturais. Então, o conhecimento das plantas daninhas e da artropodofauna associada a comunidade infestante são informações que podem auxiliar a tomada de decisão nas práticas de manejo. Assim, esta tese teve como objetivos: I...

  5. Acute bacterial meningitis caused by Streptococcus pneumoniae resistant to the antimicrobian agents and their serotypes Meningite bacteriana aguda por Streptococcus pneumoniae resistente aos antimicrobianos e seus sorotipos

    OpenAIRE

    Andrea Maciel de Oliveira Rossoni; Libera Maria Dalla Costa; Denize Bonato Berto; Sônia Santos Farah; Marilene Gelain; Maria Cristina de Cunto Brandileone; Vitor Hugo Mariano Ramos; Sergio Monteiro de Almeida

    2008-01-01

    The main objectives of this study are to evaluate the resistance rates of Streptococcus pneumonia to penicillin G, ceftriaxone and vancomycin in patients with meningitis; to analyze possible risk factors to the antimicrobian resistance; to describe the serotypes detected and to suggest an initial empirical treatment for meningitis. The sensitiveness and serotypes of all isolated S. pneumoniae of patients with acute bacterial meningitis received by the Paraná State Central Laboratory from Apri...

  6. Análise de pacientes com leucemia mieloide crônica com resistência primária ou secundária ao mesilato de imatinibe Analysis of chronic myelogenous leukemia patients with primary or secondary resistance to imatinib mesylate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rita de Cássia S. Alves

    2009-01-01

    Full Text Available O mesilato de imatinibe, como terapia alvo, se revelou altamente eficiente na leucemia mielóide crônica. Um desafio é a resistência primária ou secundária, principalmente nas fases avançadas da doença. Na secundária, as mutações pontuais no domínio quinase ABL são o mecanismo mais frequente. Estudou-se no período de outubro de 2000 a dezembro de 2005, 112 pacientes no Serviço de Hematologia e Hemoterapia da Santa Casa de São Paulo. O objetivo foi caracterizar o perfil dos resistentes e pesquisar a presença de mutação. Encontrou-se maior porcentagem de resistentes nas fases mais avançadas. Foram fatores de risco para resistência na fase crônica o número de plaquetas superior a 450.000/mm³ pré-imatinibe ou plaquetas inferior a 50.000/mm³ durante o tratamento. A taxa de resposta hematológica completa e o tempo para obtenção foram semelhantes entre os resistentes e não resistentes. Observou-se menor sobrevida global nos resistentes. Destacaram-se dez pacientes resistentes com resposta citogenética completa pós 12 meses, "responsivos tardios", cuja freqüência de resposta hematológica e citogenética foi semelhante aos não resistentes (100%. A sobrevida livre de progressão foi similar até aos 40 meses e a sobrevida global até aos 70 meses. A sobrevida global e as respostas foram superiores aos demais resistentes. Referente à pesquisa de mutação, analisou-se 22 resistentes, dos quais oito apresentaram mutação (36,4%. Caracterizou-se maior risco para a condição de mutação, a presença de blastos no sangue periférico ao diagnóstico nos pacientes em fase crônica.Imatinib mesylate, as target therapy, is highly efficient in chronic myelogenous leukemia. A challenge is primary and secondary resistance, particularly in the advanced phases of the disease. In secondary resistance, point mutations in the ABL dominion are the most common mechanism. From October 2000 to December 2005, 112 patients were

  7. Profundidade de localização do herbicida imazetapir + imazapique no solo sobre a fitotoxicidade em de plantas de arroz não resistente Depth of placement of the herbicide imazethapyr + imazapic in soil profile on non-tolerant rice injury

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Angela Da Cas Bundt

    2010-09-01

    Full Text Available Os herbicidas imazetapir e imazapique, usados em cultivares de arroz Clearfield®, possuem alta persistência e mobilidade no solo, ocasionando danos em genótipos de arroz não resistentes cultivados em rotação. Tais herbicidas podem lixiviar e atingir maiores profundidades ao longo do perfil. Esse posicionamento em profundidade pode ser um fator de seletividade e explicar parcialmente os diferentes resultados encontrados na literatura sobre o efeito residual do herbicida no solo. O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da profundidade de localização no solo e da mistura formulada pelos herbicidas imazetapir e imazapique (75 e 25g e.a. L-1 na fitotoxicidade em genótipos de arroz não resistentes. Nesse sentido, foram conduzidos dois experimentos em solo com 15% de argila e 1,2% de matéria orgânica, em casa-de-vegetação, no campus da Universidade Federal de Pelotas (UFPel, em Pelotas, Rio Grande do Sul (RS. O experimento I consistiu de estudo preliminar visando a determinar a profundidade máxima de localização do herbicida no solo que causa danos ao arroz não resistente, e o herbicida foi alocado nas profundidades de 0, 5, 10, 20, 30, 50 e 70cm. O experimento II também consistiu na alocação do herbicida em profundidades ao longo do perfil do solo de 3, 6, 9, 12, 15 e 18cm. As variáveis analisadas foram fitotoxicidade, massa da matéria seca e estatura das plantas. O herbicida resultante da mistura formulada de imazetapir com imazapique localizado próximo à superfície do solo causa danos intensos em plantas de arroz não resistente, porém, quando alocado em profundidades maiores que 20cm da superfície do solo, não prejudica o desenvolvimento de genótipos de arroz não resistentes a essa mistura de herbicidas.The herbicides imazethapyr and imazapic, used in Clearfield® rice, have high mobility and persistence in the soil, causing injury to non-resistant rice grown in rotation. These herbicides can leach and reach greater

  8. In vitro evaluation of verapamil and other modulating agents in Brazilian chloroquine-resistant Plasmodium falciparum isolates Avaliação in vitro do verapamil e de outros agentes moduladores em isolados de Plasmodium falciparum resistentes à cloroquina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Carla M.S. Menezes

    2003-01-01

    Full Text Available Verapamil, was assayed to record its modulating effect upon Brazilian Plasmodium falciparum isolates resistant to chloroquine. Other cardiovascular drugs known to be modulating agents in resistant malaria and/or multidrug-resistant neoplasias, including nifedipine, nitrendipine, diltiazem and propranolol, were also evaluated. Concentrations similar to those for cardiovascular therapy were used in the in vitro microtechnique for antimalarial drug susceptibility. Intrinsic antiplasmodial activity was observed from the lowest concentrations without a significant modulating action. Other reported modulating agents, such as the antipsychotic drug trifluoperazine and the antidepressants desipramine and imipramine, demonstrated similar responses under the same experimental conditions. Results suggest a much higher susceptibility of Brazilian strains, as well as an indifferent behaviour in relation to modulating agents.Verapamil foi ensaiado quanto ao efeito modulador em isolados brasileiros de Plasmodium falciparum resistentes à cloroquina. Outros agentes cardiovasculares, considerados como moduladores da resistência em malária e/ou em neoplasias multiresistentes a fármacos, como nifedipino, nitrendipino, diltiazem e propranolol foram ensaiados quanto ao mesmo efeito. Concentrações semelhantes às da terapia cardiovascular foram empregadas no ensaio de microtécnica de sensibilidade para fármacos antimaláricos. Atividade antiplasmódica intrínsica foi observada desde as menores concentrações, sem, entretanto, ocorrência de modulação significativa da resistência. Sob as mesmas condições experimentais, respostas semelhantes foram observadas para outros agentes moduladores conhecidos como o antipsicótico trifluoperazina e os antidepressivos desipramina e imipramina. Em conjunto, estes resultados sugerem alta sensibilidade e comportamento indiferente de cepas brasileiras ao efeito de agentes moduladores da resistência.

  9. Frecuencia y susceptibilidad antibiótica del staphylococcus aureus proveniente de hisopados asales en una población urbano marginal de Lima, Perú

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Carmona

    2012-06-01

    Full Text Available Objetivos. Determinar la frecuencia y los factores asociados de la colonización nasal por Staphylococcus aureus, así como el patrón de susceptibilidad antibiótica en una población urbano marginal de Lima, Perú. Materiales y métodos. Estudio transversal en personas de cualquier edad provenientes de un distrito urbano marginal de la zona norte de la ciudad de Lima. El muestreo fue por conveniencia. A cada persona se le realizó una encuesta y se le tomó una muestra de hisopado de las narinas, las que fueron procesadas para la identificación de Staphylococcus aureus y determinación del patrón de susceptibilidad mediante el método de difusión de disco de Kirby Bauer. Resultados. De los 452 participantes reclutados, entre 1 y 84 años de edad, la frecuencia de colonización nasal de Staphylococcus aureus fue de 24,6%, de los cuales solo el 0,9% fue resistente a meticilina. El único factor asociado a la colonización nasal fue la edad menor o igual a 11 años (OR: 3,80; IC95%: 1,42 - 10,16. La mayoría de cepas fue resistente a la penicilina (96,4% pero también se presentó a la eritromicina (10,9%, clindamicina (7,3% y gentamicina (4,5% en menor proporción. Conclusiones. La frecuencia de colonización nasal por Staphylococcus aureus fue similar a otros estudios a nivel mundial, con predominio de cepas meticilino sensibles

  10. Adhesion and biofilm formation by Staphylococcus aureus from food processing plants as affected by growth medium, surface type and incubation temperature

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Heloísa Maria Ângelo Jerônimo

    2012-12-01

    ético (30 mg/mL na redução do número de células bacterianas viáveis presentes em um biofilme pré-formado. As cepas de S. aureus aderiram em número mais elevado quando incubadas em caldo BHI em ambos os tipos de superfícies e temperaturas de incubação testadas. A separação das células das superfícies revelou alta persistência ao longo do período de incubação. Número de células necessário para a formação do biofilme foi detectado depois de três dias de incubação em todos os sistemas experimentais. O ácido peracético e o hipoclorito de sódio não foram eficientes em remover completamente a células de S. aureus aderidas sobre as superfícies de polipropileno e aço inoxidável. Os resultados obtidos revelaram alta capacidade das cepas ensaiadas em aderir e formar biofilme sobre superfícies de polipropileno e aço inoxidável sobre diferentes condições de crescimento e que as células na matriz do biofilme apresentaram-se resistentes à total remoção quando expostas aos sanitizantes hipoclorito de sódio e ácido peracético.

  11. Aspectos epidemiológicos da ocorrência do Enterococcus resistente a Vancomicina Aspectos epidemiológicos de la eventual aparición del Enterococcus resistente a la Vancomicina Epidemiological aspects of the occurrence of Vancomycin-resistant Enterococci

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Adriana Cristina Oliveira

    2010-09-01

    Full Text Available Estudo descritivo realizado em um hospital público, de maio de 2005 a outubro de 2007. Objetivou-se determinar os aspectos epidemiológicos que envolvem o Enterococcus resistente à vancomicina (VRE e descrever a evolução dos pacientes. Os dados foram coletados de registros em prontuários. Após a coleta, as informações foram processadas no SPSS. Usou-se a distribuição de frequência e medidas de tendência central. Participaram do estudo 122 pacientes. A maioria foi do sexo masculino, com idade média de 43 anos (DP= 18,8. A infecção por VRE foi desenvolvida por 16,3%. O antimicrobiano mais usado previamente à identificação do VRE foi a vancomicina (62,3%; 97,5% foram submetidos aos procedimentos invasivos; 45,0% eram dependentes de cuidados intensivos de enfermagem; 77,9% tinham pelo menos uma ferida aberta, e 50,8% evoluíram a óbito. Esses dados sugerem que recomendações de controle da resistência bacteriana devem ser encorajadas diuturnamente, visando à redução da mortalidade, morbidade, custos hospitalares e, consequentemente, uma melhor qualidade da assistência ao paciente.Estudio descriptivo, realizado en un hospital público desde mayo de 2005 a octubre de 2007. Se objetivó determinar los aspectos epidemiológicos que involucran al Enterococcus resistente a vancomicina (VRE y describir la evolución de los pacientes. Los datos fueron recolectados de registros en historias clínicas, después de la recolección, la información obtenida fue procesada en SPSS. Se usó la distribución de frecuencia y medidas de tendencia central. Participaron del estudio 122 pacientes. La mayoría, de sexo masculino, con edad media de 43 años (DP = 18,8. El 16,3% desarrolló infección por VRE. El antibiótico más usado antes de la identificación del VRE fue la vancomicina. (62,3%; 93,5% fueron sometidos a procedimientos invasivos, 45,0% dependían de cuidado intensivo de enfermería, 77,9% tenía por lo menos una herida abierta y

  12. Efeitos da pentoxifilina na anemia resistente à eritropoetina em pacientes sob hemodiálise Pentoxifylline effects on the resistant anemia to erythropoietin in hemodialysis patients

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra A. Antunes

    2008-08-01

    Full Text Available A anemia na insuficiência renal crônica deve-se à redução da produção de eritropoetina, devido à diminuição da massa renal funcionante. A eritropoetina tem sido preconizada para o tratamento da anemia, no entanto, cerca de 5% dos pacientes são resistentes à mesma. A resistência à eritropoetina é definida como a necessidade do uso de uma dose maior que 12.000U/kg por semana, sem atingir o hematócrito alvo de 33% a 36%. As citocinas pró-inflamatórias têm uma associação importante com a anemia resistente ao tratamento com eritropoetina (EPO. A pentoxifilina tem sido usada para inibir a produção dessas citocinas pró-inflamatórias. Este estudo foi realizado com os pacientes sob hemodiálise no Instituto de Nefrologia Ribamar Vaz, do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Maceió-Al. Os pacientes com diagnóstico de resistência à eritropoetina receberam pentoxifilina na dose de 400 mg VO, após hemodiálise por seis meses. Avaliamos o hematócrito e a proteína C reativa (PCR em dois momentos: ao final de três meses com 12 pacientes e, ao final de seis meses, com sete pacientes. A média de PCR dos 12 pacientes, no primeiro mês, foi de 5,65 mg/l. No terceiro mês, de 2,58 mg/l. Porém, no sexto mês, considerando apenas os sete que terminaram o projeto, foi de 4,55 mg/l. Não foi observada diferença significativa. A média final dos hematócritos(Htc observada nos pacientes foi de 28,74 %. A média dos Htc na avaliação de seis meses que precederam o início do projeto, foi de 26,22%. Não foi observada diferença estatisticamente significante, quer nos 12 pacientes acompanhados por três meses ou nos sete que conseguiram concluir o estudo. Não observamos correlação entre os níveis de PCR e os de hematócrito. No entanto, em nossa amostragem, a média de PCR basal não estava elevada e este pode ter sido um fator importante nos resultados díspares em relação aos dados da literatura. Sendo assim, conclu

  13. Sensibilidad al benzonidazol de cepas de Trypanosoma cruzi sugiere la circulación de cepas naturalmente resistentes en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana María Mejía-Jaramillo

    2012-06-01

    Full Text Available Introducción. La enfermedad de Chagas, causada por Trypanosoma cruzi, es uno de los problemas más graves de salud pública en el continente americano. El benzonidazol es uno de los dos medicamentos utilizados para tratar la enfermedad de Chagas. Sin embargo, la variación de la sensibilidad del parásito a este medicamento es una de las principales causas del fracaso del tratamiento. Objetivo. Evaluar la sensibilidad in vitro al benzonidazol de cepas colombianas de T. cruzi de diferentes orígenes y procedencia geográfica. Materiales y métodos. Treinta y tres cepas colombianas de T. cruzi aisladas de humanos, vectores y mamíferos, se analizaron in vitro mediante el micrométodo enzimático de MTT para determinar la concentración inhibitoria 50 (CI50 al benzonidazol. Se estudió la correlación entre la sensibilidad in vitro al medicamento y diferentes parámetros biológicos y eco-epidemiológicos. Resultados. El análisis de sensibilidad al medicamento indicó que el 36 % de las cepas eran sensibles, el 48 %, parcialmente resistentes y, el 16 %, resistentes al benzonidazol. Los análisis de correlación entre las CI50 con algunos parámetros biológicos y eco-epidemiológicos, mostraron diferencias en cuanto a la sensibilidad según el origen biológico y el área geográfica de procedencia de la cepa. Conclusiones. Existe una gran variabilidad en cuanto a la sensibilidad al benzonidazol de las cepas circulantes de T. cruzi en Colombia, lo cual sugiere la presencia de cepas naturalmente resistentes en el país.   doi: http://dx.doi.org/10.7705/biomedica.v32i2.458

  14. Linezolid resistant Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pavani Gandham

    2014-08-01

    Full Text Available Linezolid is the only antibiotic available as an oral formulation for resistant staphylococcal infections. It is effective in skin and soft tissue infections, nosocomial pneumonias including VAP, infective endocarditis and MRSA meningitis. It is also effective in the eradication of both nasal and throat colonization of MRSA. Its high bioavailability and post antibiotic effect, ease of switching to oral therapy during its use and the fact that it can be used in patients of all ages, also in patients with liver disease and poor kidney function and its increased effectiveness over glycopeptides makes this drug a precious drug in the treatment of resistant staphylococcal infections. Linezolid resistance in staphylococcus is defined as a linezolid MIC of and #8805;8 mg/L. Reported Linezolid resistance in India and elsewhere is 2-20%. There is clonal dissemination of Linezolid Resistant Staphylococcus aureus (LRSA within or across health care settings which demands continuous surveillance to determine the emergent risk of resistance strains and to establish guidelines for appropriate use. Clinical laboratories should confirm any LRSA preferably by a second method, prior to using linezolid for serious infections. Effective surveillance, more judicious use of this antibiotic, avoiding linezolid usage for empiric therapy in hospital acquired staphylococcus infections, optimization of the pharmacological parameters of the antibiotics in specific clinical situation, decreasing bacterial load by timely surgical debridement or drainage of collections, use of combination therapies would prevent the emergence of resistance to linezolid in staphylococcus aureus. [Int J Res Med Sci 2014; 2(4.000: 1253-1256

  15. Staphylococcus aureus: methicillin-susceptible S. aureus to methicillin-resistant S. aureus and vancomycin-resistant S. aureus.

    Science.gov (United States)

    Rehm, Susan J; Tice, Alan

    2010-09-15

    The evolution of methicillin-resistant and vancomycin-resistant Staphylococcus aureus has demanded serious review of antimicrobial use and development of new agents and revised approaches to prevent and overcome drug resistance. Depending on local conditions and patient risk factors, empirical therapy of suspected S. aureus infection may require coverage of drug-resistant organisms with newer agents and novel antibiotic combinations. The question of treatment with inappropriate antibiotics raises grave concerns with regard to methicillin-resistant S. aureus selection, overgrowth, and increased virulence. Several strategies to reduce the nosocomial burden of resistance are suggested, including shortened hospital stays and outpatient parenteral antimicrobial therapy of the most serious infections.

  16. Decolonization of Staphylococcus aureus carriage.

    Science.gov (United States)

    Botelho-Nevers, E; Gagnaire, J; Verhoeven, P O; Cazorla, C; Grattard, F; Pozzetto, B; Berthelot, P; Lucht, F

    2017-09-01

    Staphylococcus aureus nasal colonization is a well-known independent risk factor for infection caused by this bacterium. Screening and decolonization of carriers have been proven effective in reducing S. aureus infections in some populations. However, a gap remains between what has been proven effective and what is currently done. We aimed to summarize recommendations and current knowledge of S. aureus decolonization to answer the following questions: Why? For whom? How? When? And what are the perspectives? Copyright © 2016 Elsevier Masson SAS. All rights reserved.

  17. Líquen aureus "algesiogênico" "Algesiogenic" lichen aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Roberto Rheingantz da Cunha Filho

    2006-03-01

    Full Text Available Descreve-se caso de líquen aureus em paciente do sexo feminino, com 23 anos de idade que apresentava há dois anos lesão dolorosa, purpúrica, acastanhada tendendo por semelhante a cor de ferrugem e de aspecto liquenóide no antebraço. O exame anatomopatológico revelou denso infiltrado linfo-histiocitário na derme superior papilar, com extravasamento de hemácias. O líquen aureus é relativamente raro, sendo ainda mais raro o sintoma de dor.A case is described of lichen aureus in a 23 year old female with a 2-year history of painful, purpuric, rust-coloured to tan, lichenous lesion on forearm. A biopsy specimen demonstrated a dense lymphohistiocytic infiltrate in the upper dermis, with extravasation of red cells. The "algesiogenic" lichen aureus is a very rare dermatosis.

  18. Frecuencia de Aislamientos de Staphylococcus spp Meticilina Resistente en el Hospital Pediátrico "William Soler".

    OpenAIRE

    Leonora González; Astrid Ramos; Mabel González; Loreta Nadal; Leudis Chacon; Janet Morffi; Aniurka Garcés; Carlos Vallin

    2005-01-01

    Los Staphylococcus spp meticilina resistentes (SMR) son importantes patógenos causantes de morbi-mortalidad en todo el mundo. Esta resistencia es mediada por la producción de una proteína de unión a penicilina alterada (PBP 2a), la cual tiene baja afinidad por los antibióticos beta-lactámicos y esta codificada por el gen mecA. Unos pocos antimicrobianos están disponibles para el tratamiento de estas infecciones, hoy en día la mayoría de los aislados permanecen sensibles vancomicina, única opc...

  19. Implicaciones digestivas y metabólicas del consumo de almidón resistente en el cerdo

    OpenAIRE

    Martínez Puig, Daniel

    2006-01-01

    Descripció del recurs: 4 setembre 2006 Consultable des del TDX La presente tesis doctoral tiene como objetivo general evaluar las principales consecuencias digestivas y metabólicas del consumo de almidón resistente utilizando el cerdo como modelo. Para la consecución de este objetivo se diseñaron tres experimentos. En los 2 primeros se estudiaron los mecanismos de adaptación digestiva y la lipogénesis a medio y largo plazo, y en el tercero el metabolismo postprandial. En todos los exper...

  20. Ensayo no aleatorizado del tratamiento con acupuntura de la neuralgia del trigémino resistente a tratamiento convencional

    OpenAIRE

    E. Collazo; F. Gómez Armenta

    2015-01-01

    Objetivos: valorar la efectividad global de la acupuntura como terapia complementaria en la reducción del dolor crónico en la neuralgia del trigémino resistente a terapias habituales en grupos apareados de pacientes en condiciones de práctica clínica real. Conocer en qué proporción disminuye el consumo de analgésicos en estos pacientes tras un ciclo de acupuntura. Determinar las reacciones adversas debidas a acupuntura. Material y métodos: estudio cuasi-experimental en 57 pacientes ambulatori...

  1. Pesquisa de bacilos alcool-ácido resistentes em cortes histologicos de lesões sugestivas de tuberculose em bovinos

    OpenAIRE

    Martins, Susiene da Costa

    2004-01-01

    O presente estudo verificou a ocorrência de bacilos álcool-ácido resistentes, em linfonodos de bovinos com lesões sugestivas de tuberculose observadas durante inspeção sanitária em abatedouros-frigoríficos sob Serviço de Inspeção Federal (SIF), em Mato Grosso do Sul no período de maio a novembro de 2003. Foram colhidas 63 amostras que, depois de fixadas, foram destinadas à histopatologia e processadas pela técnica rotineira de inclusão em parafina. Cortes de 4mm foram corados pela hematoxilin...

  2. Resistência ao intemperismo artificial de cinco madeiras tropicais e de dois produtos de acabamento.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Janine Oliveira e Silva

    2010-08-01

    Full Text Available Os objetivos do trabalho foram avaliar o processo de fotodecomposição da madeira de cinco espécies tropicais e analisar o efeito de proteção de dois produtos de acabamento de madeiras quando submetidos ao intemperismo artificial. Foram empregadas as madeiras de ipê-roxo (Tabebuia impeginosa, itaúba (Mezilaurus itauba, maçaranduba (Manilkara huberi, tatajuba (Bagassa guianensis e tauari (Couratari sp.. Amostras destas madeiras foram submetidas a ciclos de radiação ultravioleta (UV e água até perfazer um total de 2.000 horas de irradiação e 400 horas de lixiviação em água. A mudança da cor natural das madeiras, indicativo do processo de fotodegradação, e o grau de proteção de um verniz poliuretânico transparente e de um "stain" semitransparente foram monitorados por espectrocolorimetria. As espécies mais resistentes foram o ipê-roxo e tauari, seguidas pela maçaranduba, itaúba e tatajuba respectivamente. O verniz forneceu proteção por tempo maior ao ipê-roxo e à maçaranduba, enquanto o "stain" foi mais eficiente para a itaúba e tatajuba. Ambos os produtos tiveram desempenho similar para a madeira de tauari.

  3. Resposta fisiológica de sementes de palmeiras ao envelhecimento acelerado

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Negreiros Gisele de Freitas

    2004-01-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade fisiológica de sementes de quatro espécies da família Palmae submetidas ao envelhecimento acelerado. Sementes recém-colhidas de cada uma das espécies foram expostas às condições de envelhecimento acelerado em câmara a 45ºC e 100% de UR, durante os períodos de 0 (controle, 12, 24, 36 e 48 horas. Sementes de Euterpe edulis e Dypsis lutescens foram sensíveis ao tratamento, sendo a germinação totalmente suprimida após 12 horas de permanência na câmara. As espécies Roystonea oleracea e Phoenix reclinata apresentaram sementes mais resistentes que as outras espécies, mas redução gradativa do vigor, de acordo com o aumento do período de exposição às condições de envelhecimento; o período de 48 horas foi crítico para determinados parâmetros de vigor avaliados.

  4. 91. Reducción de infecciones graves por estafilococo s. aureus meticilino-resistente tras cirugía cardíaca

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. Pérez Murillo

    2010-01-01

    Conclusiones: La detección de portadores mediante frotis nasal de SARM es una estrategia barata, segura y efectiva y se traduce no sólo en un menor número de infecciones graves en los portadores, sino también en una reducción en las del resto de pacientes (infecciones cruzadas.

  5. Sistema de autoconstrucción sismorresistente: características resistentes y proceso constructivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Orta, B.

    2016-06-01

    Full Text Available The dwelling construction with soil, adobe or brick without call for technical advice is very typical in countries in process of development that are in areas of high seismic risk. To give an answer to the problem of earthquake building using these materials, providing simplicity of construction, we have worked for years in the use of the Integral Masonry System (IMS. The IMS is a system that, used combined with native materials, has earthquake resistant properties and its ease of implementation makes it suitable for self-build earthquake-resistant dwellings. This article describes the IMS, develops the constructive process applied to a type of two storey houses, and shows the seismic behaviour by means of the results obtained in the three test campaigns. The originality of the system lies in the use of a single type of prefabricated trusses, intertwined in the three spatial directions allowing create a dimensional mesh.La autoconstrucción con tierra, adobe o ladrillo es muy habitual en los países en vías de desarrollo que están en zonas de alto riesgo sísmico. Ante la necesidad de dar respuesta al problema, aportando sencillez constructiva, hemos trabajado desde hace años en el empleo del Sistema de Albañilería Integral (SAI. El SAI es un sistema que, combinado con materiales autóctonos, aporta resistencia sísmica y su facilidad de ejecución lo hace adecuado para la autoconstrucción de viviendas antisísmicas. Este artículo describe el SAI, desarrolla el proceso constructivo aplicado a una vivienda tipo de dos alturas y muestra su comportamiento sismo-resistente mediante los resultados obtenidos en tres campañas de ensayos. La originalidad del sistema radica en el empleo de un solo tipo de armaduras prefabricadas en forma de cercha que se entrelazan entre si en las tres direcciones del espacio permitiendo crear una malla tridimensional.

  6. Seleção de clones de palma forrageira resistentes à cochonilha-do-carmim (Dactylopius sp Selection of prickly-pear clones resistant to carmine cochineal Dactylopius sp

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andréa Guimarães Vieira de Vasconcelos

    2009-05-01

    Full Text Available Visando selecionar clones de palma forrageira resistentes à cochonilha-do-carmim, realizou-se um experimento em casa de vegetação no período de setembro de 2001 a janeiro de 2002. A partir de infestação artificial com a cochonilha, foram testados 20 clones de palma forrageira, em delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foram observadas a fixação de colônias sobre os cladódios e a porcentagem de cladódios infestados, por meio de uma escala de notas variando de 0 a 5. Os clones que apresentaram maior resistência ao ataque da praga foram Miúda e Orelha de Elefante.The experiment was carried out in a greenhouse from September 2001 to January 2002 to select several prickly-pear varieties resistant to cochineal carmine. Twenty pricky-pear varieties were evaluated as a completely randomized experimental design with four replicates. The plants were artificially infested. The infestation level was evaluated by a 0 - 5 scale. The most resistants clone are "Miúda" and "Orelha de Elefante".

  7. Successful therapeutic response of resistant cases of mucocutaneous leishmaniasis to a very low dose of antimony Resposta terapêutica bem sucedida de casos resistentes de leishmaniose mucocutânea a doses muito baixas de antimônio

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manoel Paes de Oliveira-Neto

    2006-08-01

    Full Text Available Two mucocutaneous leishmaniasis cases resistant to therapy are reported here. After the failure of initial therapies (antimony, amphotericin B and/or pentamidine patients received a low-dose schedule: one ampoule of meglumine antimoniate (405mg of pentavalent antimony [Sb v] by intramuscular injection, three times a week until complete healing of the lesions. One patient was cured with a total of 30 ampoules in 10 weeks and the other received 36 ampoules in 12 weeks. Both remain clinically cured after one year of follow-up.São relatados dois casos de leishmaniose mucocutânea resistentes ao tratamento. Depois das terapêuticas iniciais (antimônio, anfotericina B e/ou pentamidina, os pacientes receberam um esquema alternativo: uma ampola de antimoniato de meglumina (405mg de antimônio pentavalnte [Sb v] por via intramuscular, três vezes por semana até a cura completa das lesões. Um paciente recebeu um total de 30 ampolas durante 10 semanas e o outro, 36 ampolas durante 12 semanas. Ambos permanecem clinicamente curados até um ano após o tratamento.

  8. Estudio fisiológico y genético de biotipos de Lolium perenne L. resistentes a glifosato

    OpenAIRE

    Yanniccari, Marcos

    2014-01-01

    En este trabajo se pretende dar respuesta a ciertas cuestiones que permitan aportar conocimientos de impacto para la actividad productiva, en tanto se buscará responder: ¿El deficiente control de Lolium perenne con glifosato en el sur bonaerense es un caso de resistencia? ¿Cómo afecta el glifosato a los procesos fisiológicos de biotipos presumiblemente resistentes y susceptibles hasta conducir a la muerte de la planta? ¿Por qué las plantas resistentes tolerarían al glifosato? ¿Cuál ...

  9. Estudio fisiológico y genético de biotipos de Lolium perenne L. resistentes a glifosato

    OpenAIRE

    Yanniccari, Marcos

    2014-01-01

    En este trabajo se pretende dar respuesta a ciertas cuestiones que permitan aportar conocimientos de impacto para la actividad productiva, en tanto se buscará responder: ¿El deficiente control de Lolium perenne con glifosato en el sur bonaerense es un caso de resistencia? ¿Cómo afecta el glifosato a los procesos fisiológicos de biotipos presumiblemente resistentes y susceptibles hasta conducir a la muerte de la planta? ¿Por qué las plantas resistentes tolerarían al glifosato? ¿Cuál ...

  10. Estudio metabólico y molecular de cultivos bacterianos degradadores de hidrocarburos aromáticos policíclicos (PAH) y resistentes a metales pesados

    OpenAIRE

    Cecotti, Martina; Morelli, Irma Susana; Coppotelli, Bibiana

    2015-01-01

    La contaminación mixta con PAH y metales pesados conlleva dificultades debido a la potencial toxicidad del metal, limitando la supervivencia solo a los microorganismos que toleren ambos contaminantes. El estudio de cepas degradadoras de PAH y resistentes a metales pesados promete proporcionar herramientas claves para el proceso de biorremediación. Este trabajo tuvo como objetivos la selección, identificación y caracterización de cepas degradadoras de PAH y resistentes a metales pesados aislad...

  11. Pathogenesis of Staphylococcus aureus abscesses.

    Science.gov (United States)

    Kobayashi, Scott D; Malachowa, Natalia; DeLeo, Frank R

    2015-06-01

    Staphylococcus aureus causes many types of human infections and syndromes-most notably skin and soft tissue infections. Abscesses are a frequent manifestation of S. aureus skin and soft tissue infections and are formed, in part, to contain the nidus of infection. Polymorphonuclear leukocytes (neutrophils) are the primary cellular host defense against S. aureus infections and a major component of S. aureus abscesses. These host cells contain and produce many antimicrobial agents that are effective at killing bacteria, but can also cause non-specific damage to host tissues and contribute to the formation of abscesses. By comparison, S. aureus produces several molecules that also contribute to the formation of abscesses. Such molecules include those that recruit neutrophils, cause host cell lysis, and are involved in the formation of the fibrin capsule surrounding the abscess. Herein, we review our current knowledge of the mechanisms and processes underlying the formation of S. aureus abscesses, including the involvement of polymorphonuclear leukocytes, and provide a brief overview of therapeutic approaches.

  12. Intoxicação alimentar por queijo Minas contaminado com Staphylococcus aureus Food-poisoning from Minas-type cheese, contamined with Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    José Geraldo Sabioni

    1988-10-01

    Full Text Available Relata-se surto de intoxicação alimentar ocorrido em julho de 1987, na cidade de Ouro Preto, MG (Brasil. O alimento causador foi um queijo Minas, contaminado por Staphylococcus aureus ao nível de 9,3 x 10(7 UFG/g. Detectaram-se cepas produtoras de enterotoxinas do tipo A,B,D e E. A amostra analisada revelou contaminação por coliformes fecais acima de 1,1 x 10(5/g(NMP, mas não continha Salmonella.Devido aos sintomas característicos e à elevada contaminação, concluiu-se que o Staphylococcus aureus foi o patogênico responsável pelo surto.An outbreak of food poisoning which occurred in July, 1987, in the city of Ouro Preto, State of Minas Gerais, Brazil, is reported. The food involved was a Minas-type cheese, contamined by Staphylococcus aureus to the level of 9.3 x 10(7 CFU/g. Enterotoxin producing strains of types A,B,D and E were detected. The sample analysed also showed contamination by fecal coliforms above 1.1 x 10(5/g (MPN, but Salmonella were not present. Due to characteristic symptoms and high contamination it was concluded that Staphylococcus aureus was the pathogene responsible for the outbreak.

  13. Staphylococcus aureus Bacteraemia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    James Price

    2010-01-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus bacteraemia (SAB is commonly complicated by metastatic infection or relapse after treatment. Objectives. The study aim was to determine the role of bacterial, host, and management factors in development of complicated SAB. Methods. A prospectively-conducted observational study gathered data on predisposition, management and outcome of 100 consecutive SAB cases. Antibiotic susceptibilities and genetic lineage of bacterial isolates were determined. Further clinical and microbiological data were gathered on two retrospective series from 1999–2000 (n=57 and 2004 (n=116. Results. In the prospective cases, 27% met our definition of complicated disease. Expressed as RR and 95% CI, complicated disease was associated with diabetes (1.58, 1.00–2.48, injecting-drug use (5.48, 0.88–33.49, community-onset of symptoms (1.4, 1.02–1.92, and symptom duration ≥48 hours prior to starting effective antibiotic therapy (2.10, 1.22–3.61. Uncomplicated disease was associated with the presence of a central line (0.69, 0.55–0.88 and prompt removal of a primary focus (0.71, 0.57–0.90. Neither methicillin resistance nor genetic lineage was associated with complicated disease, but methicillin resistance was associated with higher mortality. Conclusions. This study demonstrates that clinical rather than microbial factors are the major determinants of SAB outcome and underscores the importance of early treatment.

  14. Seleção de acessos de tomateiro resistentes à pinta-preta pela análise de agrupamento das curvas de progresso da doença

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Bruno Soares Laurindo

    2015-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar acessos resistentes à pinta-preta (Alternaria tomatophila por meio da análise de agrupamento das curvas de progresso da doença em tomateiro (Solanum lycopersicum. Foram avaliados 134 acessos de tomateiro do Banco de Germoplasma de Hortaliças da Universidade Federal de Viçosa (BGH-UFV, no delineamento de blocos ao acaso, além das testemunhas suscetíveis 'Débora' e 'Santa Clara'. As plantas foram inoculadas com uma mistura de conídios de diferentes isolados de Alternaria spp. e avaliadas regularmente quanto à severidade da doença a cada três dias após a inoculação, no total de seis avaliações. Ajustou-se o modelo logístico aos dados de severidade da pinta-preta, e as estimativas obtidas para a incidência final da doença (B1 e a taxa de progresso da doença (B3 foram submetidas à análise de variância multivariada (Manova. As médias dessas estimativas, para cada acesso, foram submetidas à análise de agrupamento. Foram formados 24 grupos distintos com base no agrupamento das curvas de progresso da doença, o que possibilitou identificar os acessos BGH-2143, BGH-2235, BGH-2270 e BGH-2118 de tomateiro como potenciais fontes de resistência à pinta-preta.

  15. Cometas: Das Lendas aos Fatos

    Science.gov (United States)

    Voelzke, M. R.

    O descobrimento de cometas, devido ao seu aparecimento espetacular, tem registro nas mais antigas culturas humanas. A primeira referência situa-se no ano de 1095 antes de Cristo [a.C.; HO; HO, 1962]. A quantidade de registros de descobrimentos cometários, principalmente provenientes do território chinês em particular e do oriente em geral, aumentou gradualmente a partir do quarto século depois de Cristo (d.C.). É de origem chinesa a primeira referência ao cometa P/Halley no ano de 240 a.C. [VOELZKE, 1993]. Com o desenvolvimento da astronomia relativamente às técnicas observacionais os descobrimentos bem como as observações cometárias aumentaram sensivelmente a partir do século XVII, sendo que a partir do século XIX um novo incremento ocorreu devido ao emprego da fotografia e a resultante melhora de sensibilidade na observação.

  16. Prevalência e perfil de sensibilidade de amostras de Staphylococcus aureus isoladas de casos clínicos de infecções hospitalares

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Inez Almeida

    2007-08-01

    Full Text Available Este estudo investigou a prevalência e o perfil de sensibilidade de amostras de Staphylococcus aureus isoladas de casos clínicos de infecções hospitalares, em um hospital de ensino, Londrina – Paraná, no período de 2004. Foi também comparado os resultados dos testes de susceptibilidade a oxacilina e vancomicina de 74 cepas, obtidos pelo sistema automatizado MicroScan® (Dade Bering, Sacramento, Califórnia, USA, utilizando Painéis MicroScan® PC 12 (Gram Positivo, com os resultados da técnica de diluição em ágar com diferentes concentrações destes antimicrobianos. As informações foram procedentes do banco de dados das infecções hospitalares da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH. As amostras de S. aureus apresentaram amplo espectro de resistência frente as drogas testadas. A taxa média de prevalência de infecções hospitalares por S. aureus foi de 16,3% e a taxa média de prevalência de amostras oxacilina resistentes foi de 70,75%. Não se detectou amostras resistentes a vancomicina pelos 2 métodos. O método de diluição em ágar confirmou a resistência a oxacilina em 65 das 74 (83,75% e as amostras avaliadas pelo sistema MicroScan® não apresentaram diferenças estatisticamente significantes. Para o antimicrobiano vancomicina, houve concordância em 100% entre os dois métodos.

  17. Fontes de resistência em tomateiro aos begomovírus bissegmentados Tomato yellow spot virus e Tomato severe rugose virus Sources of resistance in tomato to bipartite begomoviruses Tomato yellow spot virus and Tomato severe rugose virus

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Os begomovírus causam doenças de grande importância econômica em diversas culturas, principalmente em regiões tropicais e subtropicais. Juntamente com outras famílias de vírus, os begomovírus têm causado grande prejuízo para os produtores de tomate in natura e para processamento industrial. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de 11 genótipos resistentes ao Tomato yellow leaf curl virus (TYLCV) frente à infecção pelos begomovírus Tomato yellow spot virus (ToYSV) e Tomato seve...

  18. Beheersing resistente melganzevoet : beheersing van melganzevoet (Chenopodium album) die minder gevoelig is voor de herbiciden met de werkzame stoffen metamitron en metribuzin

    NARCIS (Netherlands)

    Hoek, H.; Wijnholds, K.H.

    2013-01-01

    In opdracht van het Productschap Akkerbouw heeft het PPO-AGV in 2010 en 2011 onderzoek gedaan naar mogelijkheden tot bestrijding van resistente melganzevoet (Chenopodium album) in aardappelen en suikerbieten. In aardappelen leidt de toevoeging van een linuron bevattend middel aan Sencor niet tot een

  19. Prevalencia y características de los pacientes con hipertensión arterial resistente y enfermedad renal crónica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Úrsula Verdalles

    2016-09-01

    Conclusión: La prevalencia de HTA resistente aumenta con la edad, el grado de ERC y la albuminuria. Estrategias como el tratamiento con antagonistas de receptores de aldosterona se asocian con un mejor control tensional en este grupo de pacientes y disminuyen su prevalencia.

  20. Herança da resistência de azevém (Lolium multiflorum ao glyphosate Inheritance of azevém (Lolium multiflorum resistance to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2007-09-01

    Full Text Available O glyphosate é o principal produto usado para manejo não-seletivo das plantas daninhas. Já foram identificados biótipos de azevém resistentes a esse herbicida no Rio Grande do Sul, os quais estão se tornando predominantes rapidamente. Objetivou-se neste trabalho identificar o tipo de herança, o número de genes que conferem resistência e o grau de resistência dos biótipos homozigotos e heterozigotos resistentes em azevém. Foram realizados cruzamentos recíprocos entre genitores suscetíveis e resistentes para obtenção de sementes F1 e, em seguida, efetuaram-se os retrocruzamentos resistente e sensível. Plantas F1 foram cruzadas, para obtenção da geração F2. Sobre as plantas F1, F2, RCr e RCs e genitores foi aplicado o glyphosate na dose de 720 g ha-1, para avaliar a segregação. A fim de avaliar o grau de resistência, as plantas F1 e os genitores resistente e sensível foram tratados com doses crescentes de glyphosate (0, 360, 720, 1.440 e 2.880 g ha-1. As plantas F1 evidenciaram resposta intermediária ao biótipo resistente e sensível, demonstrando que a interação alélica é do tipo dominância incompleta. As plantas F2 mostraram tendência para segregação 3:1, indicando que a característica resistência ao glyphosate é controlada por um gene semidominante.Glyphosate is a non-selective herbicide used to control weeds. Azevem plants, which are tolerant to glyphosate, have been identified in Rio Grande do Sul, where they are rapidly becoming predominant. The objective of this work was to identify inheritance type, number of genes conferring resistance, and the degree of resistance in azevem plants. Reciprocal crossings between sensitive and resistant plants have been carried out to obtain F1 seeds which were crossed among themselves to obtain F2 plants .Herbicide containing 720 g ha-1 was applied on the F1, F2, RCr, Rc and parent plants to estimate segregation. To evaluate the degree of resistance of the F1 plants

  1. Resistência de genótipos de caupi ao caruncho

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    BARRETO PAULO DIÓGENES

    2000-01-01

    Full Text Available A utilização de resistência genética ao ataque de Callosobruchus maculatus (Fabr. tem sido alvo de investigação científica, especialmente no que diz respeito à identificação de fontes de resistência. O presente trabalho objetivou incorporar, ao grupo de caracteres desejáveis para o cultivo de caupi (Vigna unguiculata (L. Walp., resistência genética ao caruncho (C. maculatus. Foram realizadas hibridações dos genótipos IT81D-1045 e IT81D-1064 (portadores de resistência ao inseto com CNCx 252-1E/FB, CNCx 187-22D-1 e BR 1-Poty (capazes de transferir resistência a viroses, tolerância à seca, formação de grãos com padrão comercial, elevado potencial de produção e adaptabilidade a diferentes condições ambientais. Populações segregantes obtidas destes cruzamentos foram conduzidas pelo método SPD (descendência de uma única vagem, e na geração F5 foram realizadas seleções individuais. As linhagens obtidas foram avaliadas em conjunto com materiais de origens diferentes, utilizando-se parâmetros associados à infestação da praga. Foi constatado que os genótipos avaliados apresentaram variabilidade quanto à preferência à postura, número de insetos emergidos e número de sementes danificadas; as linhas EVx 37-15E e EVx 37-2E foram as que sofreram menor dano causado pelo caruncho; as variáveis número de ovos, número de insetos emergidos e número de sementes danificadas mostraram-se positiva e significativamente correlacionadas entre si; o grupo das linhagens que descendem de genitores resistentes apresenta valores significativamente inferiores aos obtidos pelas demais, o que indica que a resistência ao inseto se transmite geneticamente.

  2. Resistência ao cisalhamento de solos e taludes vegetados com capim vetiver

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michele Cristina Rufino Barbosa

    2013-02-01

    Full Text Available Taludes vegetados são mais resistentes contra movimentos de massa e erosão pela água. A vegetação contribui para a estabilidade do solo, principalmente pelo aumento da resistência ao cisalhamento por meio do reforço oferecido pelas raízes. As espécies vegetais que mais têm sido eficientes na estabilização de taludes instáveis são as gramíneas, pertencentes à família Poaceae. Um exemplar dessa família, capim vetiver (Chrysopogonzizanioides (L. Roberty, tem se revelado muito eficaz nessa estabilização. Com o objetivo de avaliar a melhoria dos parâmetros de resistência ao cisalhamento oferecida ao solo pelas raízes do capim vetiver com o tempo de plantio, realizaram-se experimentos de cisalhamento direto por meio de amostras indeformadas de solo sem vegetação e cultivadas com capim vetiver na idade de um, dois, três e quatro anos de plantio. Também foram realizados experimentos de cisalhamento direto em talude do mesmo solo sem vegetação e com cobertura desse capim. Os resultados do ensaio de cisalhamento direto das amostras de talude de solo foram avaliados por três métodos de equilíbrio limite para verificação de um fator de segurança médio nos taludes. A partir dos ensaios de cisalhamento direto, determinaram-se os parâmetros de resistência ao cisalhamento (intercepto de coesão e ângulo de atrito interno, verificando que o capim vetiver proporcionou incremento de coesão aparente ao solo, sendo esse destacado após três anos de plantio do capim. Esse capim promoveu melhoria nos parâmetros de resistência com consequente elevação do fator de segurança de taludes e aumento da resistência ao cisalhamento de solos, o que auxiliou na estabilização de taludes em planos superficiais de ruptura.

  3. Seleção de clones de batata-doce resistentes a Meloidogyne incognita raça 1 Selection of sweetpotato clones resistant to Meloidogyne incognita race 1

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline Marchese

    2010-09-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi selecionar clones de batata-doce (Ipomoea batatas resistentes à raça 1 de Meloidogyne incognita e avaliar a eficiência do método de seleção empregado, pela estimação dos coeficientes de variação genética e ambiental e das herdabilidades no sentido amplo. Foram utilizados 123 genótipos de batata-doce, entre os quais quatro cultivares comerciais - Brazlândia Rosada, Brazlândia Roxa, Brazlândia Branca e Palmas -, e 119 acessos previamente selecionados no programa de melhoramento vegetal da Universidade Federal de Lavras. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos aumentados, com três tratamentos comuns: as cultivares de batata-doce Brazlândia Branca e Palmas, e a cultivar de tomate Santa Clara, suscetível ao nematoide. A classificação dos níveis de resistência foi realizada de acordo com o fator de reprodução do nematoide e o índice de reprodução relativo à cultivar Santa Clara, de tomateiro. A relação entre os coeficientes de variação genética e ambiental e as herdabilidades no sentido amplo foram altas, tanto para o fator de reprodução quanto para o índice de reprodução dos nematoides, o que demonstra a eficiência do método empregado para a seleção de genótipos resistentes. Foram identificados 57 genótipos promissores de batata-doce, resistentes à raça 1 de M. incognita, e selecionados para continuar no programa de melhoramento.The objective of this work was to select sweetpotato (Ipomoea batatas resistant clones to Meloidogyne incognita race 1, and to assess the efficiency of the selection method deployed, through the estimation of genetic and environmental coefficients of variation, and broad-sense heritabilities. Genotypes assessed comprised 123 sweetpotato entries altogether, including four commercial cultivars - Brazlândia Rosada, Brazlândia Roxa, Brazlândia Branca, Palmas - and 119 clones previously selected by the Universidade Federal de Lavras

  4. Combate ao niilismo e ao totalitarismo em Camus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Emanuel Ricardo Germano

    2013-05-01

    Full Text Available A partir de uma leitura da peça Calígula, elaborada entre 1941 e 1943, procurar-se-á contribuir na restituição das preocupações éticas, políticas e filosóficas em cena no teatro de Albert Camus, analisando o sentido de sua expressão teatral no contexto de dois combates,ao niilismo filosófico e ao totalitarismo político de seu tempo. Observaremos em Calígula um importante registro do amadurecimento das leituras de duas heranças filosóficas relevantes na formação intelectual de Camus, Nietzsche e Heráclito, à luz da experiência do totalitarismo, observando e ressaltando com isso a amplitude de seu intertexto filosófico e a importância do aporte ético e político de Camus como pensador multifacetado, engajado nos enfrentamentos históricos e solicitações críticas de seu tempo.

  5. Outbreaks associated to bloodstream infections with Staphylococcus aureus and coagulase-negative Staphylococcus spp in premature neonates in a university hospital from Brazil Surtos associados a infecções sanguíneas por Staphylococcus aureus e Staphylococcus spp coagulase-negativa em neonatos prematuros em um hospital universitário do Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Denise Von Dolinger de Brito

    2006-06-01

    risco mais importantes durante o período de dois anos (2001-2002. Dois surtos por ambos S. aureus suscetível a meticilina (1.5% e ECN resistente à meticilina (1.0% foram observados, de janeiro a fevereiro/02 e agosto a setembro/02. Taxas de incidência endêmica de 3.77% e 5.16% para S.aureus e ECN foram detectadas respectivamente. Fatores de risco incluíram idade ou = 7 dias e utilização de cateter vascular central (CVC de polietileno através de dissecação de veia (flebotomia, mas, nenhum desses fatores independentes foram confirmados pela análise multivariada. Por outro lado, ECN resistente à oxacilina prevaleceu (66.0% nos episódios epidêmicos. Análise molecular através de gel de eletroforese em campo pulsátil mostrou a natureza policlonal das amostras de S. aureus. Em conclusão, nós identificamos dois surtos de etiologia mista por S. aureus suscetível à meticilina e ECN resistente à meticilina associados à falta de material adequado (cateter vascular central para neonatos, relacionados a procedimento invasivo. Os dois surtos foram controlados com a substituição de CVC de polietileno pelo cateter central de inserção periférica.

  6. Variabilidade genética de acessos de araçazeiro e goiabeira suscetíveis e resistentes a Meloidogyne enterolobii

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aline das Graças Souza

    2014-05-01

    Full Text Available A goiabeira representa uma importante atividade frutícola no Brasil, com mercado cada vez maior. Porém, desde 1989 vêm sendo relatados severos danos à cultura, causados pelo nematóide Meloidogyne enterolobii. Uma das alternativas para solucionar esse problema é a utilização de porta-enxertos com resistência a este patógeno. Este trabalho teve por objetivo a caracterização molecular, com marcadores RAPD, de acessos de Psidium testados quanto à resistência a M. enterolobii e quanto à compatibilidade como porta-enxertos para as goiabeiras comerciais. Foram testados 30 primers, dos quais 19 forneceram resultados nítidos para a amplificação. Foram gerados 163 fragmentos, dos quais 86 polimórficos (63,0%. Em média, cada iniciador produziu 8,6 fragmentos, dos quais 5,4 apresentaram polimorfismo. A análise de agrupamento foi realizada por espécie, os acessos de Psidium sp apresentaram a formação de dois grupos, um formado pelo acesso A-UFLA e o segundo subdividido em quatro subgrupos, sendo os acessos com maiores distâncias genéticas A-Ufla, resistente a M. enterolobii, A-Ufla4 e A-Ufla5, ambos suscetíveis ao nematoide em questão, todos coletados em Lavras-MG, com similaridade aproximada de 66%. Na análise de agrupamento, dos treze acessos de P.cattleyanum, foi possível constatar a formação de dois grandes grupos. Um formado por três acessos suscetíveis a M. enterolobii (A-20.2, A-10.1 e A-9.2 e outro grupo formado por dez acessos. Os acessos se agruparam, conforme a região de origem, em seis grupos, sendo que o mais divergente é originário da região de Lavras - MG, com 0,65 de similaridade, onde as distâncias genéticas variaram de 0,88 a 0,65. Dos treze acessos de P. guineense, todos suscetíveis a M. enterolobii, sendo 12 oriundos de Recife e um de Pelotas (A-14.1 e agruparam-se em dois grupos com similaridades variando de 0,59 a 0,83. Quanto ao estudo de diversidade entre os acessos de goiabeiras, a maior dist

  7. Development of blast resistant somaclones of the upland rice cultivar araguaia Desenvolvimento de somaclones da cultivar araguaia resistentes à brusone em arroz de sequeiro

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    LEILA GARCÊS DE ARAÚJO

    2000-02-01

    Full Text Available The degree of blast resistance of upland rice (Oryza sativa L. cultivar Araguaia has decreased over time causing significant yield losses. The major objective of this study was to obtain blast (Pyricularia grisea resistant somaclones, adapting greenhouse and field selection procedures. Rice blast resistance and agronomic traits were assessed in R2 to R6 generations derived from regenerant plants (R1 from immature panicles of Araguaia. The evaluation and selection procedures include testing of early segregating populations and fixed lines in the advanced generations, under natural field conditions, and artificial inoculations in the greenhouse, with prevalent races IB-1 and IB-9 of P. grisea. Somaclones with both vertical resistance and slow blasting resistance were obtained. Twenty of 31 somaclones developed with a high degree of vertical resistance and fan shaped plant type maintained resistance in field and blast nursery tests in the R6 generation. Greenhouse selection with two specific physiologic races yielded 44 somaclones with slow blasting resistance, similar plant type and yield potential as that of Araguaia.O grau de resistência à brusone da cultivar de arroz (Oryza sativa Araguaia tem decrescido ao longo dos anos, resultando em prejuízos significativos na produtividade. O objetivo principal deste estudo foi obter somaclones resistentes à brusone (Pyricularia grisea, adaptando os métodos de seleção em casa de vegetação e de campo. Foram avaliadas plantas regeneradas (R1 de panículas imaturas da cultivar Araguaia nas gerações R2 a R6 para resistência à brusone e características agronômicas. O método de avaliação e seleção de plantas envolveu avaliações de populações segregantes e linhagens fixadas, em condições naturais de infecção no campo, e infecções artificiais em casa de vegetação com duas raças prevalecentes de P. grisea IB-1 e IB-9. Foram obtidos somaclones com resistência vertical e progresso

  8. Plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com culturas anuais Irrigated banana resistant to black Sigatoka, with annual intercrops

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ildeu de Souza

    2010-03-01

    Full Text Available Com o objetivo de avaliar o plantio irrigado de bananeiras resistentes à Sigatoka-negra consorciado com cultura anuais, na região norte de Minas Gerais, um experimento foi instalado na Fazenda Experimental do Departamento de Ciências Agrárias da Universidade Estadual de Montes Claros, Câmpus de Janaúba-MG. O experimento foi conduzido no período de abril de 2006 a julho de 2007, delineado em blocos casualizados, segundo um esquema de parcelas subdivididas 3 x 5, tendo na parcela as três variedades de bananeiras: Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo, e na subparcela quatro culturas intercalares: Feijão-Pérola, Quiabo-Dardo, Melancia-Crimson-Sweet e Feijão-Caupi, e a testemunha (sem cultura intercalar, com três repetições. Ao todo, foram 756 bananeiras, em 45 parcelas, com 6 plantas úteis cada, constituindo a cultura principal. As culturas intercalares ocuparam as entrelinhas da bananeira, tanto aquelas com as linhas de irrigação como sem linha de irrigação. O plantio da bananeira e das culturas intercalares foi feito no mesmo período, utilizando-se do espaçamento de 3,0 m entre as linhas e 2,0 m entre as covas de bananeira, com microaspersores espaçados de 6 m. Avaliaram-se as características vegetativas e reprodutivas das variedades de bananeiras, no primeiro ciclo. Não foi observado efeito significativo dos cultivos intercalares sobre as variedades de bananeiras, com exceção do número de dias do plantio ao florescimento e do número de dias do plantio à colheita das variedades de bananeiras. O uso do feijão-caupi promoveu atraso no ciclo de produção das três variedades de bananeiras Pacovan Ken, Caipira e Thap Maeo.To assess the irrigated cultivation of banana resistant to black Sigatoka, intercropped with annual crops in the northern region of Minas Gerais, a trial was conducted on an experimental farm of the Universidade Estadual de Montes Claros, in Janaúba-MG. The experiment was carried out from April 2006 to

  9. Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA)

    Science.gov (United States)

    Methicillin-resistant Staphylococcus aureus; Hospital-acquired MRSA (HA-MRSA); Staph - MRSA; Staphylococcal - MRSA ... Que YA, Moreillon P. Staphylococcus aureus (including ... MJ, eds. Mandell, Douglas, and Bennett's Principles and Practice ...

  10. Staphylococcus aureus Isolates from Kenyan Milk

    African Journals Online (AJOL)

    Milk; Staphylococcus aureus; Antimicrobial Resistance; Multiple resistance. Introduction ... of antibiotic resistant bacterial strains in food in Africa. ..... spread of methicillin resistant staphylococcus aureus. Clin. Infect. Disease. 24S-.74-S79.

  11. Mild Staphylococcus aureus skin infection improves the course of subsequent endogenous S. aureus bacteremia in mice

    NARCIS (Netherlands)

    S. van den Berg (Sanne); C.P. de Vogel (Corné); A.F. van Belkum (Alex); I.A.J.M. Bakker-Woudenberg (Irma)

    2015-01-01

    textabstractStaphylococcus aureus carriers with S. aureus bacteremia may have a reduced mortality risk compared to non-carriers. A role for the immune system is suggested. Here, we study in mice the effect of mild S. aureus skin infection prior to endogenous or exogenous S. aureus bacteremia, and ev

  12. Mild Staphylococcus aureus skin infection improves the course of subsequent endogenous S. aureus bacteremia in mice

    NARCIS (Netherlands)

    S. van den Berg (Sanne); C.P. de Vogel (Corné); A.F. van Belkum (Alex); I.A.J.M. Bakker-Woudenberg (Irma)

    2015-01-01

    textabstractStaphylococcus aureus carriers with S. aureus bacteremia may have a reduced mortality risk compared to non-carriers. A role for the immune system is suggested. Here, we study in mice the effect of mild S. aureus skin infection prior to endogenous or exogenous S. aureus bacteremia, and

  13. Adrenoleucodistrofia cerebral ligada ao x

    OpenAIRE

    Ono,Sergio Eiji

    2013-01-01

    Resumo: OBJETIVO: o padrão-ouro em exames de imagem para avaliar a adrenoleucodistrofia ligada ao X é o escore de Loes, baseado na localização, alterações de sinais e grau de atrofia. Os objetivos deste estudo foram avaliar como os parâmetros do tensor de difusão correlacionam com o escore de Loes e avaliar se poderiam indicar alterações estruturais precoces. PACIENTES E MÉTODOS: as medidas do tensor de difusão foram obtidas em 9 locais pré-estabelecidos da substância branca, bilateralmente, ...

  14. Educaçao ambiental

    OpenAIRE

    Carneiro,Danielle

    2013-01-01

    Resumo: A idéia desse trabalho surgiu no momento em que me inseri na comunidade de Pontal do Sul, envolvida em distintas atividades educativas com o mesmo público. Uma delas refere-se ao ensino público fundamental e outra à atividades de pesquisa e Educação Ambiental (EA) dentro de um projeto de extensão universitária. A EA vem sendo realizada de forma diversificada, baseada em diferentes concepções, fundamentadas em princípios e diretrizes construídos num momento de difusão da Ecologia e de ...

  15. Estudo comparativo dos critérios de dimensionamento ao cisalhamento longitudinal em lajes mistas de aço e concreto

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    J. M. Calixto

    Full Text Available A ABNT NBR 8800 (2008 permite dois critérios para avaliação da força cortante longitudinal resistente última em lajes mistas de aço e concreto: método m-k e método da interação parcial. O método m-k é o método considerado internacionalmente como padrão para o cálculo dessa força cortante longitudinal resistente. Neste método, a resistência das lajes é obtida por regressão linear dos resultados de ensaios realizados com fôrma de uma mesma espessura. O método da interação parcial, por outro lado, surge como alternativa ao método m-k, para melhor explorar o comportamento dúctil dos perfis de fôrma de aço disponíveis no mercado, os projetos de mossas mais bem elaborados e a utilização de vãos maiores. Dentro deste cenário, o objetivo deste trabalho é fazer uma análise comparativa entre estes dois critérios. Para atingir este objetivo, lajes mistas, em escala natural e com diferentes dimensões de vãos e altura total, foram construídas e testadas, na condição de simplesmente apoiadas. A fôrma de aço incorporada utilizada foi o steel-deck MF 50 fabricado pela METFORM. A análise dos resultados revela valores similares da força cortante longitudinal resistente última entre os dois critérios para a fôrma de aço incorporada utilizada.

  16. [Protein toxins of Staphylococcus aureus].

    Science.gov (United States)

    Shamsutdinov, A F; Tiurin, Iu A

    2014-01-01

    Main scientific-research studies regarding protein bacterial toxins of the most widespread bacteria that belong to Staphylococcus spp. genus and in particular the most pathogenic species for humans--Staphylococcus aureus, are analyzed. Structural and biological properties of protein toxins that have received the name of staphylococcus pyrogenic toxins (PTSAg) are presented. Data regarding genetic regulation of secretion and synthesis of these toxins and 3 main regulatory genetic systems (agr--accessory gene regulator, xpr--extracellular protein regulator, sar--staphylococcal accessory regulator) that coordinate synthesis of the most important protein toxins and enzymes for virulence of S. aureus, are presented.

  17. Arquitectura sismo-resistente. Un nuevo enfoque para la solución integral del problema sísmico

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Giuliani,, Hugo

    1987-02-01

    Full Text Available This work only pretend to state in general terms the reasons, foundations, objectives, action fields, basical principles and compatibilization rules of the Structural Design with the Architectural Design that have allowed us to draw an approach on Seismo-Resistant Architecture and that in the future will allow its study and scientific development.

    El presente trabajo, sólo pretende la formulación en términos generales de las razones, fundamentos, objetivos, campos de acción, principios básicos y pautas de compatibilización del Diseño Estructural con el Diseño Arquitectónico que nos han permitido plantear una Arquitectura Sismo-Resistente y que permitirá en el futuro su profundización y el desarrollo científico de la misma.

  18. Avances recientes en métodos moleculares para el diagnóstico precoz y tuberculosis resistente al tratamiento

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Manzour Hernando Hazbón

    2004-06-01

    Full Text Available La tuberculosis sigue siendo la principal causa de mortalidad por un agente infeccioso a escala mundial. Debido al metabolismo lento de su agente etiológico, Mycobacterium tuberculosis, el aislamiento, la identificación y las pruebas de susceptibilidad tardan varias semanas. Nuevas técnicas moleculares desarrolladas ofrecen mejorías en la especificidad, el tiempo para la obtención de resultados y su costo-efectividad. Estas pruebas producen resultados en pocas horas a partir de la toma de muestra, pero su relevancia clínica requiere aún ser evaluada rigurosamente en la mayoría de los casos. En esta revisión se discuten las ventajas y las desventajas de las pruebas moleculares más promisorias desarrolladas para el diagnóstico de la tuberculosis y la tuberculosis resistente a medicamentos.

  19. Resistência ao cisalhamento e grau de intemperismo de cinco solos na região de Lavras (MG

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    W. W. Rocha

    2002-06-01

    Full Text Available Atualmente os parâmetros da resistência ao cisalhamento dos solos podem ser uma ferramenta muito útil na estabilização de taludes e recuperação de voçorocas, bem como na adoção de práticas mecânicas de conservação para os solos agrícolas. Com o objetivo de avaliar a resistência ao cisalhamento de cinco solos da região de Lavras (MG e sua relação com o grau de intemperismo, realizou-se um experimento, utilizando uma prensa de cisalhamento direto, a qual permite ensaiar amostras indeformadas de solos. Essas amostras foram coletadas na profundidade de 0-0,03 m e submetidas ao ensaio de cisalhamento, para a definição das envoltórias de resistência e obtenção da coesão aparente (C e o ângulo de atrito interno (φ. Observou-se que C, de forma geral, foi maior para solos que apresentaram maior densidade, umidade a -0,01 MPa e maior teor de areia. Os valores de (φ foram maiores nos solos com maiores teores de argila. O Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico (LVAd e o Argissolo Vermelho-Amarelo distrófico típico (PVAd, com densidades do solo, teores de areia e umidade a -0,01MPa maiores, apresentaram maiores resistências ao cisalhamento em relação ao Latossolo Vermelho distrófico (LVd, Cambissolo Háplico Tb distrófico (CXbd e Latossolo Vermelho distroférrico (LVdf, que apresentaram maiores teores de argila e matéria orgânica. Para a classe dos Latossolos, a resistência ao cisalhamento foi maior onde os índices Ki e Kr foram mais elevados, graças à estrutura em blocos apresentada pelo LVAd, que condicionou maior resistência ao cisalhamento. Do ponto de vista da resistência ao cisalhamento, os solos LVAd e PVAd mostraram-se mais resistentes a voçorocamento e ao preparo do solo.

  20. Prevention of Healthcare Associated Staphylococcus aureus Infections

    NARCIS (Netherlands)

    L.G.M. Bode (Lonneke)

    2014-01-01

    markdownabstract__Abstract__ S. aureus colonizes the skin and mucosae of a proportion of the human population. Carriers of S. aureus are at increased risk of developing infections with this pathogen. The aim of this thesis was to add to the prevention of healthcare associated S. aureus infections.

  1. Methicillin-resistant Staphylococcus aureus and athletes.

    Science.gov (United States)

    Kirkland, Eugene Brent; Adams, Brian B

    2008-09-01

    Methicillin-resistant Staphylococcus aureus infections have become an increasingly common condition among athletes. Physical contact, shared facilities and equipment, and hygienic practices of athletes all contribute to methicillin-resistant S. aureus transmission among sports participants. This review elucidates the risk factors predisposing to methicillin-resistant S. aureus infection in athletes and provides guidance for treatment and prevention.

  2. Capacidad resistente de pilas metálicas tubulares circulares rellenas de hormigón (CFT en puentes integrales

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Chacón, R.

    2012-09-01

    Full Text Available In this paper, an in-depth analysis of the structural response of concrete-filled tubular structures (CFT is presented. The main objective of the study is to assess the resistance of these structural elements when subjected to lateral displacements. These displacements, together with the corresponding axial forces, represent the actions to which the integral bridges piers are subjected to. For the sake of studying this response, a numerical model is used as a simulation tool over an hypothetical matrix of CFT. These numerical studies together with a wide experimental database found in the literature have been useful for drawing conclusions concerning the cross-sectional capacity of the CFT. A design proposal for this cross-sectional capacity which accounts for confinement is given. This proposal has been compared structurally with the present formulation found in EN1994.

    Se presenta el análisis estructural de pilas metálicas tubulares rellenas de hormigón (CFT sometidas a flexo-compresión. El objetivo principal es valorar los mecanismos resistentes de las pilas cuando se someten a un desplazamiento en cabeza. Estos desplazamientos, conjuntamente con el esfuerzo axil de compresión, que en este trabajo se aproxima con un porcentaje de la resistencia plástica a compresión de los CFT, representan las acciones a las cuales se ven sometidos los elementos de este estudio. Se utiliza una herramienta numérica sobre una base hipotética de prototipos de pilas. Los resultados numéricos obtenidos así como los resultados experimentales encontrados en la literatura han permitido extraer conclusiones relativas a la capacidad seccional de los CFT. Se proponen expresiones de diseño relativas a la capacidad resistente de los CFT considerando el efecto del confinamiento y se comparan con los resultados que se derivan de la formulación de EN1994.

  3. Resistência ao mosaico Y, combinada com resistência ao mosaico comum, em tomateiro Tomato types combining resistance to tobacco mosaic and potato Y viruses

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Nagai

    1972-01-01

    Full Text Available Derivados de tomateiro, que incorporam resistência ao vírus de mosaico Y (PVY e mosaico comum (TMV, foram obtidos do cruzamento entre a var. Ângela, resistente às estirpes locais do vírus de mosaico Y, e T 15-1-6-1, que é altamente resistente às estirpes locais do TMV, por meio de inoculação com dois vírus, retrocruzamentos para Ângela e seleção de gerações avançadas do híbrido. Tipos selecionados do tomateiro são homozigotos para os gens Tm-2ªe rt. Suas características comerciais são semelhantes às da var. Ângela. Espera-se que os novos tipos de tomateiro reduzam perdas causadas pela infecção com PVY e/ou TMV, evitem efeitos sinérgicos entre dois vírus em combinação, eliminem a infecção do tipo "internal browning" e também transmissão do TMV pelas sementes.A tomato variety named Angela, previously described, incorporates resistance to local strains of the potato virus Y group that occur in tomato plantings in São Paulo. This variety is well accepted by tomato growers and is being used as a basis for incorporation of other types of virus disease resistance. Derivatives incorporating resistance to potato Y and tobacco mosaic viruses were obtained from crosses between Ângela and T 15-1-6-1, a tomato type that is highly resistant to tobacco mosaic virus, by inoculation and selection of advance generations of the hybrid or by backcrossing, combined with selfing. The newly selected tomato types are homozygous for the recessive gene rt that controls resistance to potato Y virus and for Tm-2a that conditions tobacco mosaic virus resistance. Their commercial qualities are similar to those of the Ângela parent plant. The new tomato types, resistant to TMV and potato virus Y, are still being tested in a large scale before being released, but it is expected that they will reduce considerably the losses caused by infection with either of the two viruses, avoid injury from the synergistic effect of virus combinations in

  4. Entre a memória e o esquecimento: o paraíso resistente

    OpenAIRE

    2007-01-01

    O trabalho analisa, ao tratar da temática do paraíso na América ou a América enquanto paraíso, os elementos ou percepções relativos a esse imaginário na literatura contemporânea do continente, diferente do recorte dominante nos textos e trabalhos até então publicados. Interessa saber como o mito do paraíso perdido integrado à própria formação identitária americana é percebido, lido e relido no imaginário estético-literário atual. Em outras palavras, como esse mito presente na formação do cont...

  5. Dermatology case: segmental lichen aureus

    OpenAIRE

    Fernandes, I.; S. Carvalho; Machado, S.; Alves,R.; Selores, M.

    2012-01-01

    ABSTRACT The authors describe a clinical case of a six-year-old boy with history of a segmental brownish maculopapular skin eruption on his left thoracic and lumbar wall, since the last four months. Based on clinical and histological findings he was diagnosed with segmental lichen aureus.

  6. Stress Responses in Staphylococcus aureus

    DEFF Research Database (Denmark)

    Frees, Dorte; Ingmer, Hanne

    2016-01-01

    Staphylococcus aures are prominent members of the normal flora of humans and animals, but are also a major cause of mild and severe infections. To persist and disseminate in the human host, and to survive in environmental settings, such as hospitals, S. aureus have developed a plethora of cellula...

  7. Binary typing of staphylococcus aureus

    NARCIS (Netherlands)

    W.B. van Leeuwen (Willem)

    2002-01-01

    textabstractThis thesis describes the development. application and validation of straindifferentiating DNA probes for the characterization of Staphylococcus aureus strains in a system. that yields a binary output. By comparing the differential hybridization of these DNA probes to staphylococcal geno

  8. Amido resistente, a última geração no controle de energia e digestão saudável Resistant starch, the latest generation of energy control and healthy digestion

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Karla Dellanoce Pereira

    2007-08-01

    Full Text Available Estudos clínicos demonstraram que amido resistente tem propriedades semelhantes a fibras e mostra benefícios fisiológicos em humanos, podendo resultar em prevenção de doenças. A Organização Mundial de Saúde (OMS recomenda que cerca de 55% da energia ingerida seja proveniente de carboidratos. A preocupação com o tipo de carboidrato ingerido é importante, pois há fibras, por exemplo, que devem ser ingeridas de 25-30 g/dia/pessoa, e normalmente não o são. Por ser um alimento resistente à digestão e fermentado no intestino grosso, principalmente pelas bifidobactérias, o amido resistente é um alimento prebiótico. Durante a fermentação ocorre a produção de ácidos graxos de cadeia curta, principalmente o butirato, que contribui muito para a saúde do cólon, inibindo o crescimento de células cancerígenas devido à redução do pH no intestino grosso. Além disso, contribui para a produção da energia difusa progressiva (EDP, que é a energia liberada ao longo do tempo de uma digestão lenta, e para a queda do índice glicêmico dos alimentos, proporcionando uma menor resposta glicêmica e, conseqüentemente, uma resposta insulínica mais adequada, auxiliando no tratamento da diabete, principalmente do tipo 2 e mantendo o indivíduo com sensação de saciedade por um período maior de tempo. A National Starch Food Innovation possui o Hi-Maize 260 como amido resistente que, quando comparado com as fibras convencionais, apresenta muitas vantagens. É branco e possui sabor brando, tamanho pequeno de partícula e baixa capacidade de retenção de água, praticamente não altera a textura de produtos de baixa umidade como pães, macarrão, barrinha de cereais, etc, ao contrário das fibras convencionais, o que permite formular produtos com alto teor de fibras e ainda ser rotulado como simplesmente "amido de milho". Também apresenta teor calórico reduzido e pode ser usado como agente de corpo complementar em formulações com

  9. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-12-01

    Full Text Available http://dx.doi.org/10.5007/1984-784X.2013v13n19p13 Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube.   Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  10. Como responder ao momento presente?

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Maria Filomena Molder

    2013-06-01

    Full Text Available Foi com esta pergunta — já um efeito de um primeiro encontro entre Irene Pimentel e eu própria — que decidimos desafiar colegas, estudantes e funci­onários da nossa Faculdade, FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Huma­nas, de outras Faculdades da Universidade Nova de Lisboa, de outras Uni­versidades e todos os interessados em con­siderar e discutir em comum aquilo que se passava em Portugal e que no anúncio da Jornada de 6 de De­zembro de 2012 se descrevia como um “processo de desmantela­mento social, económico e cultural sem precedentes — pese embora tantas compara­ções, baseadas na premissa da ‘eterna repetição’ — e cujas consequências não param de exceder as previsões dos responsáveis por esse desmantelamento”. Acedendo com todo o empenho e gratidão ao convite que me foi dirigido por Humberto Brito para fazer uma resenha da Jornada a publicar no primeiro número de Forma de Vida (saúdo a revista e o título, decidi-me, no entanto, a pôr de lado a resenha, que sob a forma de “Editorial” será em breve publi­cada no blogue Responder ao Momento Presente, entre­tanto criado, conjuntamente com os textos escritos pelos nossos convidados, com as parti­cipações de pessoas que corresponderam ao nosso apelo e ainda com contri­bui­ções que se alargaram para lá da Jornada; a que se juntará uma gravação em video, também disponível no Youtube. Texto publicado originalmente em Forma de Vida, Lisboa, n.1, fev. 2013. Agrade­cemos à autora por permitir a republicação neste número do Boletim. [N.E.

  11. Treatment of Staphylococcus aureus Infections.

    Science.gov (United States)

    David, Michael Z; Daum, Robert S

    2017-09-13

    Staphylococcus aureus, although generally identified as a commensal, is also a common cause of human bacterial infections, including of the skin and other soft tissues, bones, bloodstream, and respiratory tract. The history of S. aureus treatment is marked by the development of resistance to each new class of antistaphylococcal antimicrobial drugs, including the penicillins, sulfonamides, tetracyclines, glycopeptides, and others, complicating therapy. S. aureus isolates identified in the 1960s were sometimes resistant to methicillin, a ß-lactam antimicrobial active initially against a majority S. aureus strains. These MRSA isolates, resistant to nearly all ß-lactam antimicrobials, were first largely confined to the health care environment and the patients who attended it. However, in the mid-1990s, new strains, known as community-associated (CA-) MRSA strains, emerged. CA-MRSA organisms, compared with health care-associated (HA-) MRSA strain types, are more often susceptible to multiple classes of non ß-lactam antimicrobials. While infections caused by methicillin-susceptible S. aureus (MSSA) strains are usually treated with drugs in the ß-lactam class, such as cephalosporins, oxacillin or nafcillin, MRSA infections are treated with drugs in other antimicrobial classes. The glycopeptide drug vancomycin, and in some countries teicoplanin, is the most common drug used to treat severe MRSA infections. There are now other classes of antimicrobials available to treat staphylococcal infections, including several that have been approved after 2009. The antimicrobial management of invasive and noninvasive S. aureus infections in the ambulatory and in-patient settings is the topic of this review. Also discussed are common adverse effects of antistaphylococcal antimicrobial agents, advantages of one agent over another for specific clinical syndromes, and the use of adjunctive therapies such as surgery and intravenous immunoglobulin. We have detailed considerations in the

  12. Aerosol Observing System (AOS) Handbook

    Energy Technology Data Exchange (ETDEWEB)

    Jefferson, A

    2011-01-17

    The Aerosol Observing System (AOS) is a suite of in situ surface measurements of aerosol optical and cloud-forming properties. The instruments measure aerosol properties that influence the earth’s radiative balance. The primary optical measurements are those of the aerosol scattering and absorption coefficients as a function of particle size and radiation wavelength and cloud condensation nuclei (CCN) measurements as a function of percent supersaturation. Additional measurements include those of the particle number concentration and scattering hygroscopic growth. Aerosol optical measurements are useful for calculating parameters used in radiative forcing calculations such as the aerosol single-scattering albedo, asymmetry parameter, mass scattering efficiency, and hygroscopic growth. CCN measurements are important in cloud microphysical models to predict droplet formation.

  13. Práticas de manejo e a resistência de Euphorbia heterophylla aos inibidores da ALS e tolerância ao glyphosate no Rio Grande do Sul Management practices x Euphorbia heterophylla resistance to ALS-inhibitors and tolerance to glyphosate in Rio Grande do Sul

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2013-06-01

    Full Text Available A utilização intensiva do glyphosate nas lavouras de soja Roundup Ready® (RR no Rio Grande do Sul (RS, nos últimos anos, pode ter selecionado biótipos de leiteira (Euphorbia heterophylla resistentes ao herbicida. Esse cenário dificultará ainda mais o manejo da espécie, já que permanecem indícios da presença de biótipos resistentes também em herbicidas inibidores da acetolactato sintase (ALS. Assim, os objetivos deste trabalho foram avaliar a sensibilidade da leiteira a herbicidas inibidores da ALS e ao glyphosate, verificar a distribuição dos biótipos resistentes no RS e determinar os principais fatores agronômicos associados a falhas de controle. Para isso, amostras de sementes de plantas de leiteira foram coletadas em lavouras de soja RR localizadas em 56 municípios do Estado do RS. Por ocasião das coletas, os agricultores responderam a questionário que abordava o manejo das plantas daninhas na área. Usando-se as sementes coletadas, foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação: no primeiro, avaliou-se a resposta de 86 biótipos ao herbicida glyphosate, aplicado na dose de 2.160 g e.a. ha-1; e, no segundo, a resposta de 73 biótipos ao herbicida imazethapyr, aplicado na dose de 200 g i.a. ha-1. Os resultados obtidos evidenciam que todos os biótipos de leiteira avaliados são suscetíveis ao glyphosate, porém existem biótipos resistentes aos inibidores da ALS. As respostas do questionário indicam que práticas de manejo como uso de subdoses e/ou utilização intensiva do glyphosate e a ausência de rotação de culturas favorecem falhas no controle de leiteira pelo herbicida glyphosate em soja.The intensive use of glyphosate in Roundup Ready® (RR soybean fields in Rio Grande do Sul (RS, in recent years may have selected wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistant to the herbicide. This scenario will further complicate the management of this species, since evidence remains of the presence of

  14. RESISTÊNCIA A INSETOS EM POPULAÇÕES DE SOJA COM DIFERENTES PROPORÇÕES GÊNICAS DE GENITORES RESISTENTES RESISTANCE TO INSECTS IN SOYBEAN POPULATIONS WITH DIFFERENT GENETIC PROPORTIONS OF RESISTANT PARENTALS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Franklin Santos Pereira

    2007-09-01

    Full Text Available

    A resistência genética a insetos deve ser preconizada em programas de melhoramento de soja. Com esse objetivo avaliaram-se diferentes populações desenvolvidas para a resistência ao complexo de percevejos e para a produtividade de grãos. O material experimental envolveu populações sintetizadas a partir de cruzamentos entre genótipos resistentes (IAC-100 e IAC-17 e genótipos suscetíveis a insetos (FT-Estrela e Emgopa-316. Foram avaliadas, em nível de plantas individuais, diferentes proporções gênicas dos genitores resistentes em relação aos caracteres: período de enchimento de grãos (PEG, retenção foliar (RF, porcentagem de sementes manchadas (PSM, índice percentual de danos de vagens (IPDV, número de dias para a maturidade (NDM, altura da planta na maturidade (APM, valor agronômico (VA, peso de cem sementes (PCS e produtividade de grãos (PG. Houve diferença estatisticamente significativa (p < 0,01 entre as populações para todos os caracteres avaliados. A cultivar IAC-100 e suas populações derivadas destacaram-se principalmente para os caracteres de resistência a percevejos (RF, IPDV, PCS e PSM. Já as populações que envolveram a cultivar IAC-17 foram superiores, destacando-se para os caracteres de resistência e para os caracteres agronômicos. A população sintetizada a partir dos híbridos quádruplos apresentou a maior produtividade de grãos.

    PALAVRAS-CHAVE: Glycine max; resistência a pragas; percevejos; introgressão.

    The genetic resistance to insects should be considered in soybean breeding programs. With this objective, different populations were evaluated regarding the resistance to stink bugs and grain yield. The experimental material involving different populations was synthesized from crossings among resistant (IAC-100

  15. Efeito da temperatura e reação de genótipos de quiabeiro ao mofo branco

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ivan Herman Fischer

    2014-03-01

    Full Text Available O quiabeiro é suscetível a várias doenças que podem causar prejuízos ao agricultor, caso não sejam manejadas. Objetivaram-se avaliar o efeito da temperatura e a reação de genótipos de quiabeiro ao mofo branco. Plantas de 30 dias inoculadas na região do colo, com e sem ferimento, com dois isolados de Sclerotinia sclerotiorum, foram mantidas por duas semanas nas temperaturas de 15; 20; 25; 30 ou 35ºC. Quatorze genótipos de quiabeiro com um e dois meses de emergência, assim como frutos no ponto de colheita comercial tiveram seus comportamentos avaliados quanto à doença. Avaliaram-se a incidência de plantas com tombamento ou mortas e o comprimento da lesão nos frutos inoculados. A doença foi favorecida por temperaturas entre 15 e 20ºC e, de maneira geral, não foram observadas diferenças entre os isolados e influência do ferimento na ocorrência da doença. Não foram encontrados genótipos de quiabeiro resistentes ao mofo branco, pois todos apresentaram incidência superior a 30% de plantas mortas, sendo as plantas mais novas mais suscetíveis, e comprimento de lesão nos frutos >6,0 cm. Entretanto, diferenças de suscetibilidade entre os genótipos foram observadas em plantas de 30 e de 60 dias e podem ser informações úteis aos produtores para escolha de cultivares em clima ameno, assim como ser exploradas em programas de melhoramento.

  16. Resistência ao choque da madeira de Platanus x acerifolia em diferentes condições de umidade

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Rafael Beltrame

    2013-08-01

    Full Text Available Este estudo teve como objetivo avaliar a resistência ao choque da madeira de plátano (Platanus x acerifolia (Airton Willd. ensaiada em condições de equilíbrio a 12% de umidade e ao PSF. Para tanto, foram utilizadas árvores procedentes de duas regiões fisiográficas do Estado do Rio Grande do Sul. Os corpos-de-prova foram submetidos ao choque utilizando pêndulo de CHARPY e avaliados quanto à resistência oferecida com a aplicação da carga nos planos tangencial e radial e posições de retirada (medula-casca nas toras, nas duas regiões fisiográficas e em cada condição de umidade, de acordo com a Norma NF B51-009 (AFN, 1942. Para auxiliar na interpretação dos dados, determinou-se a massa específica aparente a 12% e saturada, teor de umidade, trabalho absorvido, coeficiente de resiliência e cota dinâmica. Dessa maneira, pôde-se verificar, por meio dos resultados, que a madeira de plátano é mais resistente ao choque na condição de madeira saturada (PSF quando comparada com a condição a 12% de umidade. Todavia, os resultados do estudo indicaram que a madeira de plátano não é recomendada para usos que dependem de sua capacidade de absorver energia e dissipá-la.

  17. Prevalencia e identificación genotípica de Enterococos Vancomicina resistentes en pacientes en un medio hospitalario

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana V. Salas-Vargas

    2004-03-01

    Full Text Available Justificación y Objetivos: los enterococos son cocos Gram positivos y las especies de importancia médica son Enterococcus faecalis y E. faecium como productores de la mayoría de las infecciones en el ser humano y E.casseliflavus, E. gallinarum, E. durans, E.hirae, E.raffinosus, y E.avium raramente aislados de muestras clínicas pero que pueden poseer genes extracromosómicos que los hacen intrínsicamente resistentes a los glucopéptidos, los que podrían ser transferidos a E. faecalis y E. faecium. La colonización por estas bacterias es frecuente en pacientes gravemente enfermos ingresados en unidades de cuidado intensivo(VCI y es un factor predisponente para septicemia. Los objetivos.de este trabajo son la identificación de pacientes colonizados por enterococos vancomicina resistentes (EVR en medios hospitalarios nacionales, el análisis de la sensibilidad a antibióticos de las bacterias aisladas, el estudio de los factores de riesgo para adquiridas y de los aislamientos con alta resistencia a la vancomicina, con el fin de identificar determinantes genéticos de resistencia. Pacientes y métodos: estudio prospectivo, que se desarrolló de mayo a agosto del año 2001. Se incluyeron 106 pacientes internados en las unidades de cuidado intensivo del Hospital México, Hospital San Juan de Dios y Servicio de emergencias médicas de ese último nosocomio, a los que se les tomaron hisopados rectales, los que fueron cultivados para identificar la presencia de EVR. Se determinaron las concentraciones mínimas inhibitorias (CIM para vancomicina, y se realizó el estudio genético de las cepas con CIMs más altas. Resultados: la tasa de colonización del tracto gastrointestinal de los pacientes fue de 52%. Empleando las pruebas de chi cuadrado y de regresión logística, se identificaron factores que intervienen en la colonización por estas bacterias, siendo el servicio de procedencia antes del ingreso a las respectivas VCI, los días de estancia

  18. HÍBRIDOS DE MAÍZ RESISTENTES A PUDRICIÓN DE MAZORCA EN CHIAPAS Y VERACRUZ, MÉXICO

    OpenAIRE

    Esteban Betanzos Mendoza; Alfonso Ramírez Fonseca; Bulmaro Coutiño Estrada; Néstor Espinosa Paz; Mauro Sierra Macias; Andrés Zambada Martínez; Manuel Grajales Solis

    2009-01-01

    En los estados de Chiapas y Veracruz, México, la pérdida de grano por pudrición de mazorca varía de 390 a 1 030 kg ha-1 por año. El objetivo de esta investigación fue identificar híbridos de maíz resistentes a la pudrición de la mazorca causada por hongos del género Diplodia spp. y Fusarium spp. En 2001 y 2002, se evaluaron en campo 20 híbridos considerados resistentes y cinco testigos en nueve localidades de los estados de Chiapas y Veracruz, México. Se utilizó un diseño experimental de láti...

  19. Stress Responses in Staphylococcus aureus

    DEFF Research Database (Denmark)

    Frees, Dorte; Ingmer, Hanne

    2016-01-01

    Staphylococcus aures are prominent members of the normal flora of humans and animals, but are also a major cause of mild and severe infections. To persist and disseminate in the human host, and to survive in environmental settings, such as hospitals, S. aureus have developed a plethora of cellular...... of the specific and general S. aureusstress responses, with a special emphasis on how stress responses contribute to virulence and antibiotic resistance in this important human pathogen....

  20. Teste de susceptibilidade do percevejo, Cimex lectularius L. (Hemiptera, Cimicidae ao DDT em Belo Horizonte, MG (Brasil Susceptibility tests of the bed-bug Cimex lectularius L. (Hemiptera, Cimicidae to DDT in Belo Horizonte, MG (Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ronaldo L. Nagem

    1992-04-01

    Full Text Available O nível de susceptibilidade de percevejos adultos, Cimex lectularius, ao DDT, em Belo Horizonte, Minas Gerais (Brasil, foi determinado durante o período de 1985 a 1986. Os resultados indicaram, para os insetos testados, que uma dose de 4,0% do inseticida não foi suficiente para matar 55% dos insetos. Os dados permitem concluir que existem colonias de percevejos resistentes ao DDT em Belo Horizonte.Susceptibility levels for the adult bed-bug, Cimex lectularius, in Belo Horizonte, Minas Gerais - Brazil, to DDT, were determined during the period 1985 to 1986. The test results showed that a 4% dosage of DDT is not enough to kill 55% of the insects. The data are sufficient to show that there exists bed-bug resistance to DDT in Belo Horizonte.

  1. Streptococcus pneumoniae: vigilancia molecular de aislamientos invasivos resistentes a penicilina recuperados de julio 2003 a junio 2004 en Colombia

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moreno Jaime

    2005-07-01

    Full Text Available Las infecciones neumocócicas afectan principalmente a niños y ancianos. Además, por el incremento de aislamientos resistentes a penicilina, S. pneumoniae es considerado como uno de los principales problemas de salud pública. El objetivo fue determinar las relaciones genéticas de los aislamientos
    invasores de S. pneumoniae con susceptibilidad disminuida a penicilina (SDP recuperados de julio-2003 a junio-2004. Se estudiaron 66 aislamientos utilizando la técnica de electroforesis de campo pulsado (PFGE, los patrones electroforéticos se compararon según los criterios de
    Tenover y se analizaron con el programa Fingerprinting TMII 3.0. En 12 aislamientos se identificaron los perfiles PBP, con la técnica del polimorfismo en la longitud de los fragmentos de restricción (RFLP de los genes pbp 2b, 2x y 1a, los cuales se interpretaron según lo establecido por el laboratorio. Las relaciones entre los grupos clonales y las características demográficas de los pacientes se analizaron con los programas EpiInfo 6.04 y MVSP 3.1. La mayoría de los aislamientos (71%
    presentaron el patrón PFGE B relacionado con el clon 3-España9V, seguido por los patrones C (6% agrupado con el clon 26-Colombia23F, D (4% con el clon 2-España6B y A (2% con el clon 1-España23F, los aislamientos restantes se distribuyeron en diez patrones no relacionados con clones internacionales. En los aislamientos relacionados con los clones 1, 2, y 26 se identificó el mismo perfil PBP del clon y los relacionados con el clon 3 presentaron una variante del perfil
    PBP del clon 3. En Colombia la prevalencia de aislamientos invasores resistentes a penicilina se debe a la circulación de los clones internacionales 1-España23F, 2-España6B, 3-España9V y
    26-Colombia23F.

  2. Producción de anticuerpos IgG1 anti-glucuronoxilomanana en ratones resistentes a la criptococosis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Claudia Parra

    2005-03-01

    Full Text Available lntroducción. Cryptococcus neoformans es un hongo ubicuo que está relacionado con infecciones oportunistas en pacientes inmunocomprometidos, especialmente los pacientes infectados con el virus de la inmunodeficiencia humana. C. neoformans posee una cápsula que contiene principalmente glucuronoxilomanana que actúa como factor de virulencia y es considerado como antígeno timo independiente tipo-2. Objetivos. Determinar la cinética de producción de las subclases de lgG específicas para la glucuronoxilomanana, medir los anticuerpos de reactividad cruzada contra el polisacárido de Streptococcus pneumoniae y determinar las subpoblaciones esplénicas de linfocitos en tres modelos de criptococosis en ratones con diferentes susceptibilidades a la infección. Materiales y métodos. Los anticuerpos fueron detectados por la técnica inmunoenzimática ELlSA después de la infección con C. neoformans en ratones moderadamente resistentes (Balb/c, resistentes (CBA/j y susceptibles (C57BL/6. Las subpoblaciones de linfocitos B se determinaron por citometría de flujo. Resultados. Se observó la producción temprana de anticuerpos lgG que coincidía con una disminución en el número de unidades formadoras de colonias de C. neoformans en pulmón. Los anticuerpos de reactividad cruzada se detectaron en las tres cepas de ratones después de la infección; fueron mayores en la cepa susceptible C57BL/6, la cual mostró el porcentaje más alto de linfocitos B, CD5+ en el bazo. En contraste, los ratones CBA/J presentaron los mayores niveles de linfocitos B, CD43+. Conclusiones. Estos hallazgos sugieren que los anticuerpos lgG específicos para la glucuronoxilomanana están implicados en la protección del hospedero contra la infección por C. neoformans y podrían estar regulados por células CD43+. También sugiere que los anticuerpos de reactividad cruzada no poseen un papel relevante en el control de la infección.

  3. Eficiência de diferentes tipos de herbicidas associados ao glyphosate no controle da commelina benghalensis

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thiago Barbosa Gonçalves Silva

    2014-02-01

    Full Text Available A trapoeraba (Commelina benghalensis é uma planta daninha resistente a alguns princípios ativos e uma alternativa para o controle é o uso de misturas de mais de um ingrediente ativo, potencializando a ação destes sobre as plantas daninhas. Assim, este trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de diferentes herbicidas associados ao Glyphosate e o Glyphosate isoladamente no controle da C. benghalensis em cafeeiros em produção. O experimento foi conduzido no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais, campus Muzambinho, em uma lavoura de café cv. Rubi em produção, em delineamento de blocos casualizados (DBC com cinco tratamentos e quatro repetições, sendo os tratamentos constituídos de Glyphosate (1.440g de i.a., Glyphosate + Metsulfurom Metilico (1.440g + 6g de i.a., Glyphosate + Carfentrazona Etilica (1.440g + 50g de i.a., Glyphosate + Flumioxazina (1.400g + 50g de i.a., todos com 0,5% (% v v de óleo mineral e testemunha, totalizando 20 parcelas. Foi avaliado, através de uma escala de notas, o nível de controle aos 0, 1, 3, 6, 9, 12 e 15 dias após a aplicação (DAA, e os resultados foram transformados em (x+10,5. Os tratamentos Glyphosate + Flumioxazina e Glyfosate + Carfentrazona Etílica foram os que apresentaram os melhores níveis de controle.

  4. Desiccation tolerance in Staphylococcus aureus.

    Science.gov (United States)

    Chaibenjawong, Plykaeow; Foster, Simon J

    2011-02-01

    Staphylococcus aureus is a multidrug-resistant pathogen that not only causes a diverse array of human diseases, but also is able to survive in potentially dry and stressful environments, such as the human nose, on skin and on inanimate surfaces such as clothing and surfaces. This study investigated parameters governing desiccation tolerance of S. aureus and identified several components involved in the process. Initially, the role of environmental parameters such as temperature, growth phase, cell density, desiccation time and protectants in desiccation tolerance were determined. This established a robust model of desiccation tolerance in which S. aureus has the ability to survive on dry plastic surfaces for more than 1,097 days. Using a combination of a random screen and defined mutants, clpX, sigB and yjbH were identified as being required for desiccation tolerance. ClpX is a part of the ATP-dependent ClpXP protease, important for protein turnover, and YjbH has a proposed linked function. SigB is an accessory sigma factor with a role in generalized stress resistance. Understanding the molecular mechanisms that govern desiccation tolerance may determine the break points to be exploited to prevent the spread of this dangerous pathogen in hospitals and communities.

  5. SRAO: the first southern robotic AO system

    Science.gov (United States)

    Law, Nicholas M.; Ziegler, Carl; Tokovinin, Andrei

    2016-08-01

    We present plans for SRAO, the first Southern Robotic AO system. SRAO will use AO-assisted speckle imaging and Robo-AO-heritage high efficiency observing to confirm and characterize thousands of planet candidates produced by major new transit surveys like TESS, and is the first AO system to be capable of building a comprehensive several-thousand-target multiplicity survey at sub-AU scales across the main sequence. We will also describe results from Robo-AO, the first robotic LGS-AO system. Robo-AO has observed tens of thousands of Northern targets, often using a similar speckle or Lucky-Imaging assisted mode. SRAO will be a moderate-order natural-guide-star adaptive optics system which uses an innovative photoncounting wavefront sensor and EMCCD speckle-imaging camera to guide on faint stars with the 4.1m SOAR telescope. The system will produce diffraction-limited imaging in the NIR on targets as faint as mν = 16. In AO-assisted speckle imaging mode the system will attain the 30-mas visible diffraction limit on targets at least as faint as mν = 17. The system will be the first Southern hemisphere robotic adaptive optics system, with overheads an order of magnitude smaller than comparable systems. Using Robo-AO's proven robotic AO software, SRAO will be capable of observing overheads on sub-minute scales, allowing the observation of at least 200 targets per night. SRAO will attain three times the angular resolution of the Palomar Robo-AO system in the visible.

  6. Desarrollo de la normativa sismo resistente colombiana en los 30 años desde su primera expedición

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Luis Enrique García

    2015-03-01

    Full Text Available El Código Colombiano de Construcciones Sismo Resistentes expedido por medio del Decreto‐Ley 1400 de 1984 fue un primer intento de normalización del diseño y construcción de estructuras en el medio nacional y estuvo vigente durante 14 años. Luego fue aprobada por el Congreso de la República la Ley 400 de 1997, al amparo de la cual se expidieron los Reglamentos de Construcción Sismo Resistente NSR‐98 (1998, que substituyó al Código de 1984, y la actualización expedida en el 2010 como Reglamento NSR‐10, hoy vigente. En este documento se hace un breve resumen del contenido de la Reglamentación Sismo Resistente colombiana, sus aciertos y los aspectos que aún faltan por implementar. Además, se hace un análisis de los aspectos jurídicos que la afectan, cómo es la reciente Ley de Bomberos, la microzonificación de ciudades intermedias y grandes, la rehabilitación sísmica de edificaciones indispensables y de atención a la comunidad, entre otros.

  7. RESISTÊNCIA DE Colletotrichum fragariae E C. acutatum AO BENOMYL NA CULTURA DO MORANGO NO ESTADO DE SÃO PAULO

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    M.A.S. TANAKA

    1997-09-01

    Full Text Available O fungicida benomyl, utilizado intensivamente na cultura do morango a partir do final da década de 60, tem sido ineficiente para o controle da flor preta, causada por Colletotrichum acutatum, devido ao aparecimento de formas resistentes ao fungicida, já detectadas desde 1984. Para C. fragariae, no entanto, não há registro de ocorrência de resistência no Estado de São Paulo, embora venha se observando há alguns anos que o produto não tem apresentado resultados satisfatórios para o controle da podridão do rizoma ("chocolate". Para verificar a ocorrência de resistência em C. fragariae foram testados 22 isolados, coletados em diversas regiões produtoras de morango do Estado de São Paulo, e 22 isolados de C. acutatum, para comparação. Todos os isolados de C. acutatum foram resistentes, mesmo na concentração de 1000 ppm. Dos 22 isolados de C. fragariae, 10 comportaram-se como resistentes, crescendo em todas as concentrações testadas. Os demais só se desenvolveram até 1 ppm, sendo considerados sensíveis. As porcentagens de inibição do crescimento dos isolados de C. fragariae resistentes variaram de 50,0 a 88,8 (1 ppm, 54,5 a 89,8 (10 ppm, 63,6 a 78,7 (50 ppm, 67,3 a 80,3 (100 ppm, 74,4 a 82,0 (500 ppm e 76,4 a 86,0 (1000 ppm. Inoculando-se isolados resistentes e sensíveis de C. fragariae em plantas da cultivar IAC-Campinas, observou-se que todos foram igualmente patogênicos.The intensive use of benomyl in strawberry fields since the late 60s. resulted in an ineffective control of the flower blight, caused by Colletotrichum acutatum due to the development of resistance to the fungicide by the patogen, detected in 1984. Until recently, the resistance was not demonstrated in C. fragariae although an increasing failure of benomyl to provide satisfactory control of the crown rot ("chocolate" rot has been observed, indicating the possible occurrence of resistance. To verify this evidence, 22 isolates of C. fragariae, collected at

  8. Evasion of Neutrophil Killing by Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Will A. McGuinness

    2016-03-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus causes many types of infections, ranging from self-resolving skin infections to severe or fatal pneumonia. Human innate immune cells, called polymorphonuclear leukocytes (PMNs or neutrophils, are essential for defense against S. aureus infections. Neutrophils are the most prominent cell type of the innate immune system and are capable of producing non-specific antimicrobial molecules that are effective at eliminating bacteria. Although significant progress has been made over the past few decades, our knowledge of S. aureus-host innate immune system interactions is incomplete. Most notably, S. aureus has the capacity to produce numerous molecules that are directed to protect the bacterium from neutrophils. Here we review in brief the role played by neutrophils in defense against S. aureus infection, and correspondingly, highlight selected S. aureus molecules that target key neutrophil functions.

  9. MagAO: status and science

    Science.gov (United States)

    Morzinski, Katie M.; Close, Laird M.; Males, Jared R.; Hinz, Phil M.; Esposito, Simone; Riccardi, Armando; Briguglio, Runa; Follette, Katherine B.; Pinna, Enrico; Puglisi, Alfio; Vezilj, Jennifer; Xompero, Marco; Wu, Ya-Lin

    2016-07-01

    "MagAO" is the adaptive optics instrument at the Magellan Clay telescope at Las Campanas Observatory, Chile. MagAO has a 585-actuator adaptive secondary mirror and 1000-Hz pyramid wavefront sensor, operating on natural guide stars from R-magnitudes of -1 to 15. MagAO has been in on-sky operation for 166 nights since installation in 2012. MagAO's unique capabilities are simultaneous imaging in the visible and infrared with VisAO and Clio, excellent performance at an excellent site, and a lean operations model. Science results from MagAO include the first ground-based CCD image of an exoplanet, demonstration of the first accreting protoplanets, discovery of a new wide-orbit exoplanet, and the first empirical bolometric luminosity of an exoplanet. We describe the status, report the AO performance, and summarize the science results. New developments reported here include color corrections on red guide stars for the wavefront sensor; a new field stop stage to facilitate VisAO imaging of extended sources; and eyepiece observing at the visible-light diffraction limit of a 6.5-m telescope. We also discuss a recent hose failure that led to a glycol coolant leak, and the recovery of the adaptive secondary mirror (ASM) after this recent (Feb. 2016) incident.

  10. MagAO: Status and Science

    CERN Document Server

    Morzinski, Katie M; Males, Jared R; Hinz, Phil M; Esposito, Simone; Riccardi, Armando; Briguglio, Runa; Follette, Katherine B; Pinna, Enrico; Puglisi, Alfio; Vezilj, Jennifer; Xompero, Marco; Wu, Ya-Lin

    2016-01-01

    "MagAO" is the adaptive optics instrument at the Magellan Clay telescope at Las Campanas Observatory, Chile. MagAO has a 585-actuator adaptive secondary mirror and 1000-Hz pyramid wavefront sensor, operating on natural guide stars from $R$-magnitudes of -1 to 15. MagAO has been in on-sky operation for 166 nights since installation in 2012. MagAO's unique capabilities are simultaneous imaging in the visible and infrared with VisAO and Clio, excellent performance at an excellent site, and a lean operations model. Science results from MagAO include the first ground-based CCD image of an exoplanet, demonstration of the first accreting protoplanets, discovery of a new wide-orbit exoplanet, and the first empirical bolometric luminosity of an exoplanet. We describe the status, report the AO performance, and summarize the science results. New developments reported here include color corrections on red guide stars for the wavefront sensor, a new field stop stage to facilitate VisAO imaging of extended sources; and eye...

  11. Postoperative Staphylococcus aureus infections in Medicare beneficiaries.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Moaven Razavi

    Full Text Available Staphylococcus aureus (S. aureus infections are important because of their increasing frequency, resistance to antibiotics, and high associated rates of disabilities and deaths. We examined the incidence and correlates of S. aureus infections following 219,958 major surgical procedures in a 5% random sample of fee-for-service Medicare beneficiaries from 2004-2007. Of these surgical patients, 0.3% had S. aureus infections during the hospitalizations when index surgical procedures were performed; and 1.7% and 2.3%, respectively, were hospitalized with infections within 60 days or 180 days following admissions for index surgeries. S. aureus infections occurred within 180 days in 1.9% of patients following coronary artery bypass graft surgery, 2.3% following hip surgery, and 5.9% following gastric or esophageal surgery. Of patients first hospitalized with any major infection reported during the first 180 days after index surgery, 15% of infections were due to S. aureus, 18% to other documented organisms, and no specific organism was reported on claim forms in 67%. Patient-level predictors of S. aureus infections included transfer from skilled nursing facilities or chronic hospitals and comorbid conditions (e.g., diabetes, congestive heart failure, chronic obstructive pulmonary disease, and chronic renal disease. In a logarithmic regression, elective index admissions with S. aureus infection stayed 130% longer than comparable patients without that infection. Within 180 days of the index surgery, 23.9% of patients with S. aureus infection and 10.6% of patients without this infection had died. In a multivariate logistic regression of death within 180 days of admission for the index surgery with adjustment for demographics, co-morbidities, and other risks, S. aureus was associated with a 42% excess risk of death. Due to incomplete documentation of organisms in Medicare claims, these statistics may underestimate the magnitude of S. aureus infection

  12. Resiliencia, Personalidad Resistente y Crecimiento en Cuidadores de Personas con Demencia en el Entorno Familiar: Una Revisión

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Violeta Fernández-Lansac

    2011-01-01

    Full Text Available La investigación en torno al cuidado no profesional de mayores con demencia ha proliferado a lo largo de los últimos años, constatando muchos autores que, del mismo modo en que el cuidado se asocia a un buen número de consecuencias negativas, diversos efectos positivos pueden derivarse de esta experiencia. Sin embargo, y a pesar del impacto de la corriente positiva en la actualidad, son muy escasos los estudios que valoran la personalidad resistente (hardiness, la resiliencia y el crecimiento personal en cuidadores. El presente artículo hace una revisión sistemática de las contribuciones más relevantes a este campo, a partir del análisis de nueve publicaciones. Todos estos trabajos evalúan, de un modo cuantitativo, la resiliencia, el hardiness o el crecimiento en familiares de personas con demencia. Las características y resultados de dichos trabajos serán valoradas, teniendo en consideración sus implicaciones para el estudio y la atención a los cuidadores

  13. CHROMOSOMAL MAPPING IN STRAINS OF STAPHYLOCOCCUS AUREUS,

    Science.gov (United States)

    STAPHYLOCOCCUS AUREUS , CHROMOSOMES), (*CHROMOSOMES, MAPPING), NITROSO COMPOUNDS, GUANIDINES, GENETICS, MUTATIONS, DRUGS, TOLERANCES(PHYSIOLOGY), TEST METHODS, DEOXYRIBONUCLEIC ACIDS, INHIBITION, RESISTANCE(BIOLOGY).

  14. Mastite com lesões sistêmicas por Staphylococus aureus subesp. aureus em coelhos Mastitis with systemic lesions due to Staphylococus aureus subesp. aureus in rabbits

    OpenAIRE

    Sandra Davi Traverso; Leonardo da Cunha; Joaquim César Teixeira Fernandes; Alexandre Paulino Loretti; Adriana Rhoden; Elsio Wunder Jr.; David Driemeier

    2003-01-01

    Em uma criação composta por 1800 coelhos, 33% das matrizes apresentaram mastite e lesões cutâneas crostosas e purulentas. Estes animais apresentavam-se entre 10 a- 12 meses de idade e em segunda parição. Quinze coelhos afetados foram sacrificados e necropsiados. Na necropsia, além das lesões cutâneas haviam microabscessos em diversos órgãos. Das amostras coletadas isolou-se Staphylococcus aureus subesp. aureus. S. aureus subesp. aureus também foi isolado de "swab" nasal coletado do tratador e...

  15. S. aureus colonization at ICU admission as a risk factor for developing S. aureus ICU pneumonia

    NARCIS (Netherlands)

    Paling, Fleur P; Wolkewitz, Martin; Bode, Lonneke G M; Klein Klouwenberg, Peter M C; Ong, David S Y; Depuydt, Pieter; de Bus, Liesbet; Sifakis, Frangiscos; Bonten, Marc J M; Kluijtmans, Jan

    OBJECTIVE: To quantify the incidence of intensive care unit (ICU) acquired pneumonia caused by Staphylococcus aureus (S. aureus) and its association with S. aureus colonization at ICU admission. METHODS: This was a post-hoc analysis of two cohort studies in critically ill patients. The primary

  16. Mild Staphylococcus aureus Skin Infection Improves the Course of Subsequent Endogenous S. aureus Bacteremia in Mice.

    Science.gov (United States)

    van den Berg, Sanne; de Vogel, Corné P; van Belkum, Alex; Bakker-Woudenberg, Irma A J M

    2015-01-01

    Staphylococcus aureus carriers with S. aureus bacteremia may have a reduced mortality risk compared to non-carriers. A role for the immune system is suggested. Here, we study in mice the effect of mild S. aureus skin infection prior to endogenous or exogenous S. aureus bacteremia, and evaluate protection in relation to anti-staphylococcal antibody levels. Skin infections once or twice by a clinical S. aureus isolate (isolate P) or S. aureus strain 8325-4 were induced in mice free of S. aureus and anti-staphylococcal antibodies. Five weeks later, immunoglobulin G (IgG) levels in blood against 25 S. aureus antigens were determined, and LD50 or LD100 bacteremia caused by S. aureus isolate P was induced. S. aureus skin infections led to elevated levels of anti-staphylococcal IgG in blood. One skin infection improved the course of subsequent severe endogenous bacteremia only. A second skin infection further improved animal survival rate, which was associated with increased pre-bacteremia IgG levels against Efb, IsaA, LukD, LukE, Nuc, PrsA and WTA. In conclusion, S. aureus isolate P skin infection in mice reduces the severity of subsequent endogenous S. aureus bacteremia only. Although cellular immune effects cannot be rules out, anti-staphylococcal IgG against specified antigens may contribute to this effect.

  17. Mild Staphylococcus aureus Skin Infection Improves the Course of Subsequent Endogenous S. aureus Bacteremia in Mice.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sanne van den Berg

    Full Text Available Staphylococcus aureus carriers with S. aureus bacteremia may have a reduced mortality risk compared to non-carriers. A role for the immune system is suggested. Here, we study in mice the effect of mild S. aureus skin infection prior to endogenous or exogenous S. aureus bacteremia, and evaluate protection in relation to anti-staphylococcal antibody levels. Skin infections once or twice by a clinical S. aureus isolate (isolate P or S. aureus strain 8325-4 were induced in mice free of S. aureus and anti-staphylococcal antibodies. Five weeks later, immunoglobulin G (IgG levels in blood against 25 S. aureus antigens were determined, and LD50 or LD100 bacteremia caused by S. aureus isolate P was induced. S. aureus skin infections led to elevated levels of anti-staphylococcal IgG in blood. One skin infection improved the course of subsequent severe endogenous bacteremia only. A second skin infection further improved animal survival rate, which was associated with increased pre-bacteremia IgG levels against Efb, IsaA, LukD, LukE, Nuc, PrsA and WTA. In conclusion, S. aureus isolate P skin infection in mice reduces the severity of subsequent endogenous S. aureus bacteremia only. Although cellular immune effects cannot be rules out, anti-staphylococcal IgG against specified antigens may contribute to this effect.

  18. Portadores nasales de Staphylococcus aureus en personal que labora en un Hospital de Santander Nasal carriers of Staphylococcus aureus in the personnel that works in a Hospital of Santander

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cindy Tatiana Espinosa González

    2011-08-01

    Full Text Available Introducción: Las infecciones intrahospitalarias constituyen un problema de salud pública mundial, la diseminación de bacterias patógenas a partir del personal de salud, ha sido el enfoque de numerosas investigaciones que buscan mejorar la calidad de vida de los pacientes. Objetivo: Determinar la frecuencia de portadores de Staphylococcus aureus en fosas nasales del personal que labora en las unidades de cuidados intensivos, infectología pediátrica y lactario en un Hospital en Santander. Metodología: Se estudiaron muestras provenientes de fosas nasales de 87 trabajadores del Hospital. Las cepas aisladas se identificaron mediante las pruebas bioquímicas y posteriormente, se determinó el perfil de susceptibilidad ante diferentes antibióticos, se realizó test D a las cepas de S. aureus. Resultados: La frecuencia de portadores de bacterias patógenas fue 41,4%; el patógeno aislado con mayor frecuencia fue S. aureus (72%, donde el porcentaje de S. aureus meticilino-resistentes (SARM fue de 11,6%, Enterobacter aerogenes (6%, Proteus mirabilis (2,3%, Haemophylus influenzae (1,1%, Citrobacter koseri (1,1% y Providencia rettgeri (1,1%. Conclusión: S. aureus es el agente aislado con mayor frecuencia de las fosas nasales del personal de salud y la presencia de SARM es preocupante por su resistencia a los antibióticos, lo que dificulta su tratamiento. Este hecho evidencia la necesidad de actuar con un carácter preventivo, en el cual el control de portadores es crítico y debe asociarse con medidas de bioseguridad que establezcan barreras más eficientes, para reducir la diseminación del microorganismo y la ocurrencia de infecciones intrahospitalarias. Salud UIS 2011; 43 (2: 111-117Introduction: Nosocomial infections are a public health problem worldwide, its spread start from health personnel carrier of pathogenic bacteria, it has been the focus of a large number of research to improve the quality of life of the patients. Objective: To

  19. Characterisation of Staphylococcus aureus bacteraemia at Tygerberg hospital

    NARCIS (Netherlands)

    Orth, H.; Dreyer, Z.S.; Makgotlho, E.; Oosthuysen, W.; Sinha, B.; Wasserman, E.

    2013-01-01

    To elucidate the local epidemiology of Staphylococcus aureus bacteraemia, we characterised blood culture isolates using molecular methods and prospectively collected clinical data to determine the occurrence of community-acquired, methicillinresistant S. aureus (MRSA). Consecutive S. aureus blood cu

  20. Characterisation of Staphylococcus aureus bacteraemia at Tygerberg hospital

    NARCIS (Netherlands)

    Orth, H.; Dreyer, Z.S.; Makgotlho, E.; Oosthuysen, W.; Sinha, B.; Wasserman, E.

    2013-01-01

    To elucidate the local epidemiology of Staphylococcus aureus bacteraemia, we characterised blood culture isolates using molecular methods and prospectively collected clinical data to determine the occurrence of community-acquired, methicillinresistant S. aureus (MRSA). Consecutive S. aureus blood cu

  1. Caracterização molecular de Pseudomonas aeruginosa resistentes a carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamase isoladas em hemoculturas de crianças e adolescentes com câncer Molecular characterization of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood cultures from children and teenagers with cancer

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Thais Ávila Fernandes

    2010-08-01

    Full Text Available INTRODUCÃO: O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência e a disseminação de amostras de Pseudomonas aeruginosa resistente aos carbapenêmicos e produtoras de metalo-β-lactamases isoladas de hemoculturas (2000-2005 de pacientes do Instituto de Oncologia Pediátrica da UNIFESP (IOP-GRAACC. MÉTODOS E RESULTADOS: Cinquenta e seis amostras de Pseudomonas aeruginosa foram isoladas de 49 pacientes. Trinta e duas dessas amostras foram classificadas como resistentes aos carbapenêmicos pela técnica de disco difusão e submetidas a reação de PCR para detecção de genes de MBL. Dezoitos dessas 32 amostras evidenciaram o gene blaSPM-1. Oito amostras selecionadas em diferentes anos no período de estudo apresentaram o mesmo perfil genético por pulsed-field gel electrophoresis. A terapêutica antimicrobiana foi considerada adequada em apenas 23,5% dos pacientes com bacteremia por P. aeruginosa carreando blaSPM-1 e letalidade de 70,6% no período de até 30 dias após a bacteremia e uma inadequação inicial dos esquemas antibióticos utilizados CONCLUSÕES: Evidenciamos a presença de um clone de P. aeruginosa resistente aos carbapenêmicos carreando blaSPM-1 que persistiu em amostras de hemocultura pelo período de 6 anos na instituição, com alta letalidade, justificando uma vigilância epidemiológica rigorosa e uma readequação dos esquemas de terapia antimicrobianos na instituição.INTRODUCTION: The objective of this study was to evaluate the prevalence and dissemination of carbapenem-resistant and metallo-β-lactamase-producing Pseudomonas aeruginosa isolated from blood-stream samples (2000-2005 that were collected from patients admitted to the Institute of Pediatric Oncology, UNIFESP (IOP-GRAACC. METHODS AND RESULTS: Fifty-six P. aeruginosa samples were isolated from 49 patients. Thirty-two of these samples were classified as carbapenem-resistant using the disc diffusion method and were subjected to the PCR reaction in order to detect

  2. Resistência de plantas daninhas aos herbicidas inibidores da ALS na cultura da soja (Glycine max Weed resistance to ALS - inhibiting herbicides in soybean (Glycine max crop

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    P.A. Monqueiro

    2000-01-01

    Full Text Available As plantas daninhas Bidens pilosa/Bidens subalternans (picão-preto e Amaranthus quitensis (caruru são controladas na cultura da soja por diversos herbicidas, sendo os inibidores da acetolactato sintase (ALS os mais utilizados pelos sojicultores. O uso intensivo e repetitivo destes herbicidas em áreas cultivadas com soja no município de São Gabriel do Oeste (MS - Brasil e nas províncias de Córdoba e Tucumã (Argentina proporcionou grande pressão de seleção nas populações destas plantas daninhas, resultando em populações resistentes. Com o objetivo de determinar a resistência cruzada aos herbicidas inibidores da ALS, pertencentes aos grupos químicos sulfoniluréia e imidazolinona, foi conduzido um experimento, em condições de casa de vegetação, na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ, Piracicaba, São Paulo. As plantas daninhas picão-preto e caruru, provenientes de áreas com suspeita de resistência aos herbicidas inibidores da ALS, foram tratadas com os herbicidas chlorimuron-ethyl, imazethapyr e nicosulfuron em diversas doses e comparadas com as plantas provenientes de populações suscetíveis. Os tratamentos foram estabelecidos considerando-se doses que proporcionariam no mínimo 50% do controle das plantas daninhas (GR50, utilizando-se para isso doses abaixo e acima das doses recomendadas de cada herbicida. O herbicida chlorimuron-ethyl foi aplicado nas doses de 1.500, 750, 150, 75, 15, 7,5 e 1,5 g i.a. ha-1; o imazethapyr, nas doses de 8.000, 4.000, 800, 400, 80, 40 e 8 g i.a. ha-1; e o nicosulfuron, nas doses de 1.200, 600, 120, 60, 12, 6 e 1,2 g i.a. ha-1. Os biotipos resistentes apresentaram diferentes níveis de resistência cruzada aos herbicidas utilizados. O biotipo resistente de picão-preto apresentou GR50 para chlorimuron-ethyl, imazethapyr e nicosulfuron de 1,49; 1,27; e 20,08 g i.a. ha-1, respectivamente. Da mesma forma, o GR50 do biotipo resistente de caruru foi de 6,8; 2,45; e 23,54 g i

  3. Produção e caracterização de revestimento cerâmico Al2O3 – ZrO2 – Y2O3 inerte ao petróleo cru por processo de aspersão térmica para indústria petrolífera

    OpenAIRE

    ARAÚJO, Juliana Carvalho Da Silva

    2015-01-01

    O petróleo, por sua relevância na economia global, demanda um volume crescente de pesquisas no setor e com isso a necessidade do uso de materiais resistentes à ambientes agressivos como é o caso do petróleo cru, gerando procedimentos eficazes e seguros que minimizem impactos ao meio ambiente. Revestimento termicamente aspergido tem sido intensamente utilizado na indústria de petróleo, aeroespacial, elétrica entre outros. Os revestimentos podem ser feitos de metal, cerâmica, vidros e a maioria...

  4. Triclosan promotes Staphylococcus aureus nasal colonization.

    Science.gov (United States)

    Syed, Adnan K; Ghosh, Sudeshna; Love, Nancy G; Boles, Blaise R

    2014-04-08

    The biocide triclosan is used in many personal care products, including toothpastes, soaps, clothing, and medical equipment. Consequently, it is present as a contaminant in the environment and has been detected in some human fluids, including serum, urine, and milk. Staphylococcus aureus is an opportunistic pathogen that colonizes the noses and throats of approximately 30% of the population. Colonization with S. aureus is known to be a risk factor for several types of infection. Here we demonstrate that triclosan is commonly found in the nasal secretions of healthy adults and the presence of triclosan trends positively with nasal colonization by S. aureus. We demonstrate that triclosan can promote the binding of S. aureus to host proteins such as collagen, fibronectin, and keratin, as well as inanimate surfaces such as plastic and glass. Lastly, triclosan-exposed rats are more susceptible to nasal colonization with S. aureus. These data reveal a novel factor that influences the ability of S. aureus to bind surfaces and alters S. aureus nasal colonization. IMPORTANCE Triclosan has been used as a biocide for over 40 years, but the broader effects that it has on the human microbiome have not been investigated. We demonstrate that triclosan is present in nasal secretions of a large portion of a test population and its presence correlates with Staphylococcus aureus nasal colonization. Triclosan also promotes the binding of S. aureus to human proteins and increases the susceptibility of rats to nasal colonization by S. aureus. These findings are significant because S. aureus colonization is a known risk factor for the development of several types of infections. Our data demonstrate the unintended consequences of unregulated triclosan use and contribute to the growing body of research demonstrating inadvertent effects of triclosan on the environment and human health.

  5. Evaluation of Two New Chromogenic Media, CHROMagar MRSA and S. aureus ID, for Identifying Staphylococcus aureus and Screening Methicillin-Resistant S. aureus

    OpenAIRE

    Hedin, Göran; Fang,Hong

    2005-01-01

    Thirty-nine methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) isolates with diverse genetic backgrounds and two reference strains were correctly identified as S. aureus on CHROMagar MRSA and S. aureus ID media. Growth inhibition on CHROMagar MRSA was noted. A combination of cefoxitin disk and S. aureus ID was found suitable for rapid MRSA screening.

  6. SENSIBILIDADE IN VITRO DE STAPHYLOCOCCUS AUREUS ISOLADOS DE AMOSTRAS DE LEITE DE VACAS COM MASTITE SUBCLÍNICA

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Albenones José de Mesquita

    2006-10-01

    Full Text Available Foram submetidas a teste de sensibilidade in vitro a cinco antibióticos e quimioterápicos, 291 cepas de Staphylococcus aureus isolados de 667 amostras de leite procedentes de 375 vacas reagentes ao California Mastitis Test (CMT. Verificaram-se os seguintes percentuais de sensibilidade aos antimicrobianos: gentamicina, 90,72% (264/291; enrofloxacina, 89,35% (260/291; cefaperazona, 88,66% (258/291; kanamicina, 87,63% (255/291 e penicilina, 23,71% (69/291. PALAVRAS-CHAVE: Leite bovino, mastite subclínica, antimicrobianos.

  7. Herança da resistência aos herbicidas inibidores da ALS em biótipos da planta daninha Euphorbia heterophylla Inheritance of ALS inhibitor resistance in Euphorbia heterophylla weed biotypes

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Vargas

    2001-12-01

    Full Text Available Os herbicidas inibidores da ALS são os principais produtos aplicados para o controle da planta daninha amendoim-bravo (Euphorbia herterophylla em lavouras de soja; no entanto, já foram identificados biótipos desta planta daninha resistentes a estes herbicidas no Brasil. O objetivo desta pesquisa foi estudar a herança, o número de genes que conferem a resistência e o grau de resistência dos biótipos homozigotos e heterozigotos resistentes. Foram realizados cruzamentos recíprocos entre os genitores suscetíveis e resistentes para obtenção de sementes F1 e, posteriormente, realizaram-se os retrocruzamentos (RC com os genitores resistente (R e suscetível (S. Plantas F1 foram autofecundadas artificialmente para obtenção da geração F2. As plantas F1, F2, RCr e RCs e dos genitores foram tratadas com o herbicida imazethapyr (150 g ha-1. Para avaliar o grau de resistência, plantas F1 e os genitores resistente e suscetível foram tratados com as doses de imazethapyr de 0, 100, 200, 400, 800 e 1.600 g ha-1. As plantas F1 mostraram-se totalmente resistentes ao herbicida, demonstrando que a resistência é nuclear e dominante. As plantas F2 apresentaram alta probabilidade para segregação 3:1, indicando que a resistência é codificada por um gene dominante. A aplicação de doses de imazethapyr sobre as plantas F1 demonstrou que os biótipos homozigotos resistentes e os heterozigotos apresentam o mesmo grau de resistência para doses de até 1.600 g ha-1 deste herbicida. A resistência é codificada por um gene dominante nuclear com dominância completa.The ALS inhibitor herbicides are the main products applied to control Euphorbia heterophylla in the soybean crop; however, resistant biotypes to these herbicides have been identified in Brazil. This research aimed to study the inheritance, number of genes involved in the resistance and the degree of resistance of the homozygous and heterozygous resistant biotypes. Reciprocal crossings (RSs

  8. Evaluation of S. aureus ID, a New Chromogenic Agar Medium for Detection of Staphylococcus aureus

    OpenAIRE

    Perry, John D.; Rennison, Claire; Butterworth, Lynne A.; Hopley, Andrew L. J.; Gould, F. Kate

    2003-01-01

    S. aureus ID (bioMérieux, La Balme Les Grottes, France) is a new chromogenic agar medium designed to enable the isolation of staphylococci and the specific identification of Staphylococcus aureus. S. aureus produces green colonies on this medium due to production of α-glucosidase. To evaluate this medium, a total of 350 wound swabs were cultured onto S. aureus ID, CHROMagar Staph. aureus, and conventional media routinely used in our laboratory. After 18 to 20 h of incubation, 96.8% of strains...

  9. Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente

    OpenAIRE

    Marques, Carlos Alexandre Michaello

    2014-01-01

    A presente Dissertação tem como tema de investigação “Direito e Risco: do Consumo ao Ambiente”. Para tanto, essa temática foi delimitada através da investigação sobre a capacidade do Direito a partir de uma leitura Sociológica e Antropológica de compreender e promover aprendizagem nas questões que envolvem o Risco como elemento decorrente do Consumo e que externa suas consequências ao Ambiente. Neste sentido, se direcionou a responder ao problema de saber: em que medida é possível e necessári...

  10. Resistência de amendoim-bravo aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase Wild poinsettia resistance to acetolactate synthase inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ribas A. Vidal

    1999-12-01

    Full Text Available O controle contínuo de plantas daninhas através da aplicação de herbicidas que apresentam atividade em um único local de ação nas plantas favorece a seleção de biótipos resistentes a estes herbicidas, em certas espécies vegetais. Quatro experimentos foram conduzidos em condições casa-de-vegetação, na Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com os objetivos de avaliar a ocorrência de resistência aos herbicidas inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS em vários biótipos de leiteiro ou amendoim-bravo (Euphorbia heterophylla EPHHL e avaliar a ocorrência de resistência múltipla a herbicidas com atividade em outros locais de ação. Biótipo oriundo de Passo Fundo foi resistente ao imazethapyr, enquanto biótipo oriundo de Porto Alegre foi suscetível. O biótipo de Passo Fundo apresentou resistência cruzada aos herbicidas imidazolinonas: imazapyr, imazaquin e imazethapyr; sulfoniluréias: chlorimuron, nicosulfuron e metsulfuron; e sulfonanilida: flumetsulan. Este biótipo não foi resistente aos herbicidas com os seguintes mecanismos de ação: inibidores de EPSPs, mimetizadores de auxina, inibidores dos fotossistemas I e II e inibidores de PROTOX. A confirmação de resistência aos inibidores de ALS em biótipos oriundos de Nãome-Toque, Passo Fundo e Rio Pardo sugere ampla dispersão no Rio Grande do Sul de resistência de E. heterophylla aos herbicidas deste mecanismo de ação.The continuous weed control with herbicides of only one site of action selects biotypes resistant to these herbicides. Four experiments were conducted in greenhouse of UFRGS, Brazil, to confirm the occurence of wild poinsettia (Euphorbia heterophylla biotypes resistance to herbicides inhibitors of acetholactate synthase (ALS, and to determine whether there was cross resistance to herbicides with other site of action. A biotype from Passo Fundo -RS was resistant to imazethapyr, whereas a biotype from Porto Alegre -RS

  11. Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil Nematodes resistant to anthelmintics in sheep and goat flock in the State of Ceará, Brazil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana Carolina Fonseca Lindoso Melo

    2003-04-01

    Full Text Available O controle do parasitismo por nematódeos gastrintestinais é feito basicamente com a utilização de anti-helmínticos. Falhas no controle são o primeiro sinal do aparecimento de resistência anti-helmíntica. A real situação da prevalência da resistência anti-helmíntica, em fazendas comerciais de criação de ovinos e caprinos no Brasil, é desconhecida. Esse experimento teve como objetivo, estimar a ocorrência de resistência ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em propriedades comerciais de criação de ovinos e caprinos, na região do médio e baixo Jaguaribe, através do teste de redução na contagem de ovos nas fezes acompanhados de coproculturas. O trabalho foi realizado em 25 criações, sendo 16 de ovinos, 7 de caprinos e uma de ovinos e caprinos. Os dados obtidos foram analisados pelo programa estatístico RESO (1989. A prevalência de nematódeos resistentes ao oxfendazol, levamisol e ivermectina em ovinos foi de 88%, 41% e 59%, e em caprinos de 87,5%, 75% e 37,5%, respectivamente. Observou-se que o gênero Haemonchus foi o mais prevalente na população resistente a todos os anti-helmínticos, tanto em ovinos quanto em caprinos, seguido de Trichostrongylus e Oesophagostomum.The control of gastrointestinal nematodes parasitism is made basically with anthelmintics. Control failure is the first sign of anthelmintic resistance development. The actual situation of anthelmintic resistance prevalence in commercial farms of sheep and goats in Brazil is unknown. The aim of this work was to estimate the occurrence of oxfendazole, levamisole and ivermectin resistance in sheep and goats from medio and baixo Jaguaribe region by faecal egg count reduction followed by coprocultures. The work involved 25 farms (16 sheep farms, 7 goat farms and one of sheep and goats. Data were analysed by RESO (1989. The prevalence of resistant nematodes to oxfendazole, levamisole and ivermectin was respectively 88%, 41% and 59% in sheep and 87.5%, 75

  12. Immunogenicity of toxins during Staphylococcus aureus infection

    NARCIS (Netherlands)

    N.J. Verkaik (Nelianne); O. Dauwalder (Olivier); K. Antri (Kenza); I. Boubekri (Ilhem); C.P. de Vogel (Corné); C. Badiou (Cédric); M. Bes (Michèle); F. Vandenesch (François); M. Tazir (Mohammed); H. Hooijkaas (Herbert); H.A. Verbrugh (Henri); A.F. van Belkum (Alex); J. Etienne (Jerome); G. Lina (Gérard); N. Ramdani-Bouguessa (Nadjia); W.J.B. van Wamel (Willem)

    2010-01-01

    textabstractAB - BACKGROUND: Toxins are important Staphylococcus aureus virulence factors, but little is known about their immunogenicity during infection. Here, additional insight is generated. METHODS: Serum samples from 206 S. aureus-infected patients and 201 hospital-admitted control subjects we

  13. Chromones from an ascomycete,Chaetomium aureus

    Institute of Scientific and Technical Information of China (English)

    Li Mei Li; Qiang Zou; Guo You Li

    2010-01-01

    A novel chromone,named chaetoaurin (1),along with six known chromone derivatives (2-7),was isolated from the ethyl acetate extract of a solid-state fermented culture of Chaetomium aureus.Their structures were elucidated by extensive spectral analysis.All of these compounds were reported from C.aureus for the first time.

  14. Antimicrobial susceptibility among Enterococcus isolates from the city of Porto Alegre, RS, Brazil Sensibilidade aos antimicrobianos entre amostras de Enterococcus isolados na cidade de Porto Alegre, RS, Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Alves d'Azevedo

    2004-09-01

    . faecalis (92,8%, seguidas por E. faecium (2,9%, E. gallinarum (1,5%, E. avium (1,1%, E. hirae (0,7%, E. casseliflavus (0,4%, E. durans (0,4% e E. raffinosus (0,2%. Os testes de sensibilidade revelaram que 62,0% das amostras foram resistentes à tetraciclina, 42,6% à eritromicina, 24,8% ao cloranfenicol, 22,6% à ciprofloxacina, 22,0% à norfloxacina, 3,5% à ampicilina e 3,5% á nitrofurantoína. Resistência a níveis elevados de aminoglicosídeos foi encontrada em 37,8% das amostras, com 23,5% sendo resistente à gentamicina, 14,3% à estreptomicina e 2,8% a ambos gentamicina e estreptomicina. Nenhuma amostra com resistência adquirida à vancomicina ou produtora de b-lactamase foi encontrada. Os resultados indicam um significante percentual de amostras resistentes a diferentes antimicrobianos, apontando a necessidade de estratégias de controle para evitar a disseminação de cepas resistentes e de vigilância contínua para a detecção de características emergentes de resistência.

  15. Reproductive characteristics of the predator Podisus nigrispinus fed with an insect resistant soybean variety Características reprodutivas do predador Podisus nigrispinus alimentado com variedade de soja resistente a insetos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fausto da Costa Matos Neto

    2002-07-01

    17, e lagartas de A. gemmatalis, criadas em folhas desta cultivar. Avaliou-se a longevidade das fêmeas, períodos de pré-oviposição, oviposição e pós-oviposição, número de ovos e de posturas/fêmea, peso dos ovos, intervalo entre posturas, número de ovos/postura, porcentagem de ovos eclodidos, número de ninfas/fêmea e número total de presas mortas/fêmea de P. nigrispinus. A maioria das características avaliadas mostrou resultados semelhantes entre tratamentos, exceto o período de oviposição, que foi mais longo para fêmeas criadas no genótipo resistente que no susceptível, e a porcentagem de fêmeas que ovipositaram antes de morrer, que foi menor na IAC 17. Além disso, o genótipo IAC 17 causou maior mortalidade de fêmeas de P. nigrispinus no início de sua fase adulta e distribuição mais uniforme da produção de ovos ao longo do período adulto desse predador. Por outro lado, os resultados não sugerem efeito desse genótipo na prole do predador.

  16. Staphylococcus aureus and hand eczema severity

    DEFF Research Database (Denmark)

    Haslund, P; Bangsgaard, N; Jarløv, J O

    2009-01-01

    BACKGROUND: The role of bacterial infections in hand eczema (HE) remains to be assessed. OBJECTIVES: To determine the prevalence of Staphylococcus aureus in patients with HE compared with controls, and to relate presence of S. aureus, subtypes and toxin production to severity of HE. METHODS......: Bacterial swabs were taken at three different visits from the hand and nose in 50 patients with HE and 50 controls. Staphylococcus aureus was subtyped by spa typing and assigned to clonal complexes (CCs), and isolates were tested for exotoxin-producing S. aureus strains. The Hand Eczema Severity Index...... was used for severity assessment. RESULTS: Staphylococcus aureus was found on the hands in 24 patients with HE and four controls (P hands...

  17. Transfer of Antibiotic Resistance in Staphylococcus aureus

    DEFF Research Database (Denmark)

    Haaber, Jakob; Penadés, José R; Ingmer, Hanne

    2017-01-01

    Staphylococcus aureus is a serious human pathogen with remarkable adaptive powers. Antibiotic-resistant clones rapidly emerge mainly by acquisition of antibiotic-resistance genes from other S. aureus strains or even from other genera. Transfer is mediated by a diverse complement of mobile genetic...... of plasmids that can be transferred by conjugation and the efficiency with which transduction occurs. Here, we review the main routes of antibiotic resistance gene transfer in S. aureus in the context of its biology as a human commensal and a life-threatening pathogen. Staphylococcus aureus cells...... are effective in exchanging mobile genetic elements, including antibiotic-resistance genes.During colonization or infection of host organisms, the exchange appears to be particularly effective.Bacteriophage-mediated transfer involves both transduction and autotransduction, which may enable lysogenic S. aureus...

  18. POTENCIAL DEL ALMIDÓN RESISTENTE RETROGRADADO DE PAPA FRENTE A OTROS ADITIVOS FUNCIONALES USADOS EN POLLOS DE ENGORDE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. Rodríguez-Aguilar

    2014-01-01

    Full Text Available El almidón resistente retrogradado (AR3 de las variedades de papa Pastusa (Solanum tuberosum grupo tuberosum y Guaneña (Solanum tuberosum grupo phureja fue evaluado como aditivo funcional con características similares a la fibra dietaria y por su potencial prebiótico en pollos de engorde. Se asignaron aleatoriamente 792 pollos machos Ross de un día de edad a uno de cinco tratamientos experimentales bajo un diseño completamente al azar. Se evaluaron niveles de suplementación de 1,0% de AR3 –Pastusa (AR3P y Guaneña (AR3G–, frente a manano-oligosacáridos (MOS, 0,5%, carboximetilcelulosa (CMC, 1%, levadura comercial (LEV, 0,5% y un control sin suplementar. Los datos se analizaron mediante el procedimiento GLM del programa SAS®. MOS y AR3P mostraron el mayor peso y ganancia de peso corporal al día 42 de edad (P<0,05, MOS presentó el menor consumo de alimento frente al tratamiento CMC (P<0,05, con una mejor conversión alimenticia comparado con CMC y el control sin suplementar (P<0,05. Los grupos AR3P y AR3G tuvieron un comportamiento intermedio para la conversión de alimento. El mayor porcentaje de eficiencia americana e índice de productividad fue para MOS, seguido de AR3P frente al control sin suplementar (P<0,05. Con referencia al ingreso neto parcial por pollo fraccionado, MOS mostró el mayor ingreso comparado con AR3G, observando para los demás tratamientos un comportamiento intermedio (P<0,05. Los resultados sugieren que el AR3P tiene potencial para ser usado como un aditivo funcional en dietas para pollos de engorde durante un ciclo comercial de producción.

  19. Prevalencia e identificación genotípica de Enterococos Vancomicina resistentes en pacientes en un medio hospitalario

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Ana V. Salas-Vargas

    2004-03-01

    Full Text Available Justificación y Objetivos: los enterococos son cocos Gram positivos y las especies de importancia médica son Enterococcus faecalis y E. faecium como productores de la mayoría de las infecciones en el ser humano y E.casseliflavus, E. gallinarum, E. durans, E.hirae, E.raffinosus, y E.avium raramente aislados de muestras clínicas pero que pueden poseer genes extracromosómicos que los hacen intrínsicamente resistentes a los glucopéptidos, los que podrían ser transferidos a E. faecalis y E. faecium. La colonización por estas bacterias es frecuente en pacientes gravemente enfermos ingresados en unidades de cuidado intensivo(VCI y es un factor predisponente para septicemia. Los objetivos.de este trabajo son la identificación de pacientes colonizados por enterococos vancomicina resistentes (EVR en medios hospitalarios nacionales, el análisis de la sensibilidad a antibióticos de las bacterias aisladas, el estudio de los factores de riesgo para adquiridas y de los aislamientos con alta resistencia a la vancomicina, con el fin de identificar determinantes genéticos de resistencia. Pacientes y métodos: estudio prospectivo, que se desarrolló de mayo a agosto del año 2001. Se incluyeron 106 pacientes internados en las unidades de cuidado intensivo del Hospital México, Hospital San Juan de Dios y Servicio de emergencias médicas de ese último nosocomio, a los que se les tomaron hisopados rectales, los que fueron cultivados para identificar la presencia de EVR. Se determinaron las concentraciones mínimas inhibitorias (CIM para vancomicina, y se realizó el estudio genético de las cepas con CIMs más altas. Resultados: la tasa de colonización del tracto gastrointestinal de los pacientes fue de 52%. Empleando las pruebas de chi cuadrado y de regresión logística, se identificaron factores que intervienen en la colonización por estas bacterias, siendo el servicio de procedencia antes del ingreso a las respectivas VCI, los días de estancia

  20. Alta prevalência de crianças portadoras de Streptococcus pneumoniae resistentes à penicilina em creches públicas High prevalence of children colonized with penicillin-resistant Streptococcus pneumoniae in public day-care centers

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Patrícia A. G. Velasquez

    2009-12-01

    Full Text Available OBJETIVOS: Investigar a prevalência de Streptococcus pneumoniae (pneumococos na nasofaringe de crianças sadias atendidas em creches municipais da cidade de Umuarama (PR. Avaliar a susceptibilidade aos antimicrobianos dos pneumococos isolados. MÉTODOS: Secreção da nasofaringe de 212 crianças foi coletada no período de abril a outubro de 2008. Após semeadura dos espécimes em ágar sangue e incubação a 37 °C por 24-48 horas, as colônias suspeitas de pertencerem a S. pneumoniae foram identificadas pela α-hemólise, sensibilidade à optoquina e bile solubilidade. A susceptibilidade à penicilina foi investigada pelos testes de disco-difusão e de diluição. A susceptibilidade aos demais antimicrobianos indicados no tratamento das infecções pneumocócicas foi realizada por disco-difusão RESULTADOS: A prevalência de pneumococos na nasofaringe foi de 43,4% (92/212, sendo maior em crianças com idade entre 2 e 5 anos (p = 0,0005. Não houve diferença significativa entre os sexos. Resistência intermediária e resistência plena à penicilina foram encontradas respectivamente em 34,8 (32/92 e 22,8% (21/92 dos isolados. Sessenta e sete amostras (72,8% foram resistentes ao sulfametoxazol-trimetoprim, oito (8,7% à eritromicina e seis (6,5% à tetraciclina. Uma amostra apresentou resistência à clindamicina (1,1%, e outra ao cloranfenicol (1,1%. Todas as amostras foram sensíveis a levofloxacina, ofloxacina, rifampicina, telitromicina, linezolide e vancomicina. Nove amostras foram consideradas multirresistentes, por apresentarem resistência a três ou mais classes de antimicrobianos. CONCLUSÕES: O presente estudo registrou uma alta prevalência de crianças portadoras sadias de amostras de S. pneumoniae resistentes à penicilina que podem constituir importantes reservatórios desse patógeno na comunidade.OBJECTIVES: To investigate the prevalence of Streptococcus pneumoniae (pneumococci in the nasopharynx of healthy children enrolled

  1. Das montanhas mexicanas ao ciberespaço

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Pedro Henrique Falco Ortiz

    2005-12-01

    Full Text Available ESTE ARTIGO faz uma apanhado histórico contextualizado e uma análise comunicacional sobre o Exército Zapatista de Libertação Nacional - EZLN, que apareceu publicamente no estado mexicano de Chiapas em janeiro de 1994, a partir de sua origem indígena, com as demandas seculares dessa parcela da população marginalizada, suas peculiaridades e sua prática política, que o fazem um grupo armado bastante original dentro do contexto das lutas populares na América Latina. As estratégias políticas e de comunicação do EZLN são diferenciais importantes em relação a outras experiências guerrilheiras anteriores. Assim, analisamos também a habilidade que os zapatistas tiveram - e ainda têm - para conquistar espaço nos meios de comunicação convencionais e criar uma eficiente rede de solidariedade e comunicação, combinando as tradições seculares das comunidades indígenas, que são suas bases, aos recursos tecnológicos de meios eletrônicos como a Internet e a Web. Esta combinação criativa de iniciativas políticas bem-sucedidas, bases sociais resistentes, diálogo permanente com a chamada sociedade civil - nacional e internacional - e vitórias importantes no campo da comunicação, compensam a fragilidade militar do EZLN e possibilitam sua continuidade, mesmo no contexto militar bastante adverso em que se situa o conflito chiapaneco.THE PRESENT article is an historical and contextualized communicational analisis on the Zapatista National Liberation Army - EZLN, that came to light the first time on january,1994, in the mexican southern state of Chiapas, with its indigenous origin, ancient struggles of the marginalized population, its own culture and political praxis that made it a very particular social movement in the context of Latin America. The polictical and communication strategies of the EZLN are important changes when we compare it to other guerrilla movements. We also analize the hability and creativity the zapatistas have

  2. Seleção de genótipos de pimentão resistentes à Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye. sob condições naturais de infecção Selection of pepper genotypes resistant to Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye. under natural condictions of plant infection

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Hiroshi Noda

    2003-01-01

    Full Text Available Devido à ocorrência de epidemias severas de pústula bacteriana ou mancha bacteriana no pimentão, causada pela bactéria Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (Doidge Dye., o cultivo do pimentão na várzea do Rio Solimões, próximo à Manaus, encontra-se em decadência. O INPA, desde 1976, desenvolve um Programa de Melhoramento Genético do Pimentão visando incorporar resistência ao patógeno. Neste trabalho são relatados os resultados obtidos em três ensaios, nas áreas de terra firme e várzea do Estado do Amazonas, envolvendo progênies F13 e F14 do cruzamento interespecífico entre Capsicum annuum e C. chinense, denominado HP-12, em cujas progênies vêm sendo realizadas seleções genealógicas visando obter variedades resistentes ao patógeno X. campestris pv. vesicatoria e alta capacidade produtiva, sob condição de cultivo em ambientes quentes e úmidos. Quando a população de hospedeiros foi constituída por indivíduos resistentes e suscetíveis, a curva de progresso da doença adaptou-se melhor ao modelo monomolecular, onde níveis mais elevados de resistência, conferidos por um genótipo, foram devidos à sua capacidade de restringir a velocidade do progresso da doença. Nos três ensaios, as progênies selecionadas pelo Programa apresentaram maior resistência e capacidade produtiva, quando comparadas à testemunha suscetível (Cascadura Ikeda, em condições de ocorrência da doença e verificou-se que a capacidade de produção de frutos está relacionada aos níveis de resistência do hospedeiro ao patógeno. Por outro lado, levando-se em conta os caracteres de resistência e capacidade produtiva das progênies inferiu-se que a espécie C. chinense é um recurso genético importante como fonte de resistência a X. campestris pv. vesicatoria nos programas de melhoramento do pimentão.The cultivation of pepper is decling in the floodplain ecosystem of the Solimões River, near Manaus, Amazonas, Brazil, because the

  3. Personalidad resistente en maratonianos: un estudio sobre el control, compromiso y desafío de corredoras y corredores de maratón

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Jos\\u00E9 Carlos Jaenes S\\u00E1nchez

    2009-01-01

    Full Text Available La Personalidad Resistente se refiere a una constelación de características de personalidad relacionadas con las percepciones personales de control, compromiso y desafío, que ha sido ampliamente estudiada en relación con el estrés y su impacto en contextos de salud y laborales, entre otros, pero prácticamente ignorada en el ámbito deportivo. Sin embargo, las características que incluye este constructo son muy interesantes para la práctica y el rendimiento deportivos. El objetivo de este estudio ha sido conocer las características de Personalidad Resistente de maratonianos adultos españoles. Los resultados, pioneros hasta la fecha, nos han permitido establecer que los niveles de compromiso, control y desafío de estos deportistas son moderadamente altos y que ejercen un impacto fundamental tanto a nivel motivacional (metas propuestas y resultados esperados como de rendimiento (marcas obtenidas. Se puede diferenciar entre maratonianos con mejores y peores marcas en relación con el nivel de PR, lo cual nos permite predecir el éxito de los maratonianos en función de sus características de PR. Como consecuencia, un entrenamiento adecuado en estas aracterísticas podría resultar en mejores cotas de rendimiento. Además, estos deportistas muestran mayores niveles de Personalidad Resistente que jóvenes y adultos de la población general, lo que podría ser un beneficio derivado de la práctica deportiva muy relevante en la vida cotidiana.

  4. Tolerância da cultivar de soja coodetec 201 aos herbicidas inibidores de als Tolerance of the soybean cultivar Coodetec 201 to ALS inhibitor herbicides

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Aldo Merotto Jr

    2000-01-01

    Full Text Available A obtenção de cultivares resistentes aos herbicidas possibilita o aumento da diversidade dos herbicidas utilizados seletivamente para o controle de plantas daninhas em uma determinada cultura. O aumento da disponibilidade destes herbicidas na cultura da soja pode proporcionar maior facilidade no controle de plantas daninhas de difícil eliminação, de espécies com características biológicas semelhantes à cultura e de plantas daninhas resistentes aos herbicidas. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência cruzada da cultivar COODETEC 201 a três herbicidas inibidores da ALS, não seletivos para a cultura da soja. O experimento foi realizado em casa de vegetação através da semeadura em vasos, o qual foi disposto em delineamento completamente casualizado em arranjo fatorial. Os tratamentos constaram das cultivares de soja COODETEC 201 e OCEPAR 14 e dos herbicidas imazapyr, metsulfuron e nicosulfuron, aplicados em cinco doses. A aplicação destes produtos foi realizada 30 dias após a emergência, quando as plantas de soja estavam no estádio V4. A área foliar e a fitoxicidade aos 14 e 35 dias após a aplicação do herbicida metsulfuron foram menos afetadas na cultivar COODETEC 201 do que na OCEPAR 14. A determinação da restrição do crescimento das plantas em função da matéria seca das plantas demonstrou que as duas cultivares são igualmente sensíveis ao herbicida imazapyr. A cultivar COODETEC 201 apresentou maior tolerância aos herbicidas metsulfuron e nicosulfuron, sendo 10,25 e 3,25 vezes, respectivamente, mais resistente do que a cultivar OCEPAR 14.Herbicide resistant crops can increase the availability of herbicides for selective use in soybean, can provide weed control of tolerant weed species, weed with identical biological characteristics to the crop, and resitant weeds to herbicides. The objective of this research was to evaluate the cross resitance in the soybean cultivar Coodetec 201 to three ALS inhibitor

  5. Alergia ao látex

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Allarcon Jorge Barrios

    2003-01-01

    Full Text Available JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O látex, (cis 1,4 polyisoprene está muito presente no dia-a-dia do anestesiologista. Os primeiros relatos de alergia ao látex datam de 1933. A sensibilidade ao látex na população de anestesiologistas é de 12,5% a 15,8%. A incidência de sensibilidade ao látex aumenta muito em grupos específicos, podendo produzir reações graves e até mesmo fatais. O objetivo desse estudo foi realizar uma revisão bibliográfica sobre o assunto, abordando este tema de interesse para o anestesiologista, considerando diagnóstico, prevenção e tratamento da alergia ao látex. CONTEÚDO: Os estudos sobre a prevalência das reações alérgicas ao látex variam muito conforme a população estudada e os métodos utilizados para estabelecer a sensibilidade ao antígeno. Mesmo com estas variações, existem alguns grupos em que o risco é elevado, particularmente em pacientes com distúrbio na formação do tubo neural. As manifestações clínicas variam desde dermatite de contato até anafilaxia e óbito. O diagnóstico precoce com pesquisa de IgE pode prevenir as reações de hipersensibilidade. CONCLUSÕES: É de extrema importância o diagnóstico precoce da alergia ao látex. A abordagem desses pacientes em ambientes livres de látex evitam a sensibilização e evolução muitas vezes para quadros dramáticos.

  6. Caracterización de maderas usadas en Boyacá de acuerdo con el Reglamento Colombiano de Construcción Sismo Resistente

    OpenAIRE

    2012-01-01

    Se caracterizan las seis especies de maderas comúnmente utilizadas como elementos estructurales en el departamento de Boyacá, a partir de sus propiedades mecánicas y elásticas, y usando como referencia el capítulo G del Reglamento Colombiano de Construcción Sismo Resistente del 2010. Las especies estudiadas fueron: abarco, amarillo, cedro, eucalipto, guayacán y pino. Los ensayos se realizaron en el laboratorio de estructuras de la Uptc, e incluyeron: densidad aparente, contenido de humedad, r...

  7. Personalidad resistente en maratonianos: un estudio sobre el control, compromiso y desaf??o de corredoras y corredores de marat??n

    OpenAIRE

    Jaenes S??nchez, Jos?? Carlos; Godoy-Izquierdo, D??bora; Rom??n Gonz??lez, Francisco Manuel

    2009-01-01

    La Personalidad Resistente se refiere a una constelaci??n de caracter??sticas de personalidad relacionadas con las percepciones personales de control, compromiso y desaf??o, que ha sido ampliamente estudiada en relaci??n con el estr??s y su impacto en contextos de salud y laborales, entre otros, pero pr??cticamente ignorada en el ??mbito deportivo. Sin embargo, las caracter??sticas que incluye este constructo son muy interesantes para la pr??ctica y el rendimiento deportivos. El obje...

  8. Epidemiología y factores pronósticos de la candidemia en adultos: identificación de factores para aislamiento de especies resistentes a azoles

    OpenAIRE

    Díaz Martín, Ana

    2016-01-01

    Falta palabras clave El adecuado conocimiento de la epidemiología de la candidemia en nuestro área permitirá establecer la distribución porcentual de las principales especies de Candida, comparar la incidencia en diferentes grupos de pacientes, así como realizar estudios de sensibilidad de las especies aisladas. Analizaremos los factores de riesgo para el aislamiento de especies resistentes a fluconazol con confirmación microbiológica, hecho de gran trascendencia para el clínico a la hora ...

  9. Hipertensión arterial resistente y síndrome de apneas-hipopneas obstructivas del sueño

    OpenAIRE

    Martínez Ocaña, Juan Carlos

    2016-01-01

    El 60-83% de los pacientes con hipertensión arterial resistente (HTAR) presentan un síndrome de apneas-hipopneas obstructivas del sueño (SAHOS). OBJETIVOS: El objetivo principal del trabajo fue estudiar en pacientes con HTAR y SAHOS el efecto del tratamiento con presión positiva continua en la vía aérea (CPAP) sobre la presión arterial (PA) medida mediante monitorización ambulatoria de 24 horas (MAPA). Además se estudiaron los efectos de la CPAP sobre la rigidez arterial, la función endo...

  10. Evaluación de genotipos de ajíes (Capsicum spp) resistentes a pudriciones radicales causadas por Fusarium sp y Phythophtora capsici.

    OpenAIRE

    Cardona Arce, Juliana

    2013-01-01

    Se evaluó la resistencia a Phytophthora capsici Leonian y Fusarium spp Link responsables de causar enfermedades conocidas como pudriciones radicales, en 30 accesiones de Capsicum spp procedentes de la colección del banco de germoplasma de la Universidad Nacional de Colombia sede Palmira, un genotipo resistente a P. capsici evaluado por la Universidad Nacional de Colombia sede Palmira y una variedad de pimentón Capsicum annuum var Nathalie, la cual, se usó como testigo susceptible a los dos pa...

  11. Factores de riesgo asociados a mortalidad en pacientes con bacteremia por Klebsiella pneumoniae resistente a cefalosporinas de tercera generación en hospitales de Bogotá

    OpenAIRE

    Russi Noguera, July Andrea

    2015-01-01

    Introducción Klebsiella pneumoniae origina cerca del 8% de infecciones nocosomiales. En Colombia ha sido primer microorganismo aislado en UCI. El objetivo es describir factores asociados a mortalidad por K.pneumoniae. Materiales y Métodos Se realizó la descripción y análisis de variables clínicas y microbiológicas de una cohorte retrospectiva multicentrica que incluyó pacientes con bacteriemias por Klebsiella pneumoniae, resistente a cefalosporinas de tercera generación, ...

  12. Cepas de Campylobacter jejuni resistentes a quinolonas aisladas de humanos, gallinas y pollos Quinolone resistant Campylobacter jejuni strains isolated from humans and from poultry

    OpenAIRE

    Rodolfo Notario; Noemí Borda; Telma Gambandé; Joaquín Bermejo; Adriana Ponessa; Virginia Toledo

    2011-01-01

    Se compararon 8 aislamientos de Campylobacter jejuni provenientes de humanos con enfermedad diarreica aguda, con 23 aislamientos de cloaca de gallinas y pollos obtenidos de zonas próximas a la ciudad de Rosario, todos resistentes a la ciprofloxacina. Las muestras se sembraron en agar selectivo y se incubaron en microaerofilia a 42 °C. Las colonias se identificaron con el método tradicional. Los aislamientos se conservaron a -70 °C en caldo cerebro corazón con 17% v/v de glicerina. La clonalid...

  13. DETECCIÓN DE BACILOS ÁCIDO ALCOHOL RESISTENTES EN BIOPSIAS EMBEBIDAS EN PARAFINA EN CASOS DE INFLAMACIÓN GRANULOMATOSA CRÓNICA.

    OpenAIRE

    JAVIER ANDRÉS BUSTAMANTE; MIRYAM ASTUDILLO; ALVARO JAIRO PAZOS; LUIS EDUARDO BRAVO

    2010-01-01

    La detección de bacilos ácido alcohol resistentes (BAAR) en frotis resulta un aporte significativo al diagnóstico y tratamiento de individuos con inflamación granulomatosa crónica (IGC). Con el objetivo de evaluar la presencia de BAAR en diferentes tejidos de pacientes con IGC demostrada y comparar la frecuencia de los extendidos positivos para BAAR con el grado de formación de granulomas y necrosis, se diseño un estudio retrospectivo, en el que se seleccionaron 57 bloques embebidos en parafi...

  14. Contribución para el estudio de la selección de estirpes limpiadoras precoces resistentes a la Ascosferiosis

    OpenAIRE

    Pires, Sância

    1997-01-01

    Este trabajo dentro de la patología apícola pretende ser una contribución al estudio de la selección de estirpes limpiadoras precoces resistentes a la Ascosferiosis. Así, después de realizada una revisión bibliográfica sobre la enfermedad, viendo que tratamientos farmacológicos y buen manejo, necesitan de la selección del comportamiento higiénico en abejas del género Apis mellifera L. como un mecanismo de resistencia a la Ascosferiosis. Dando especial énfasis a los estudios y técnica...

  15. CARACTERIZACIÓN DE POBLACIONES DE Phytophthora infestans (MONT, DE BARY) OBTENIDAS DE Solanum TRANSGÉNICAS Y DE HÍBRIDOS SOMÁTICOS RESISTENTES

    OpenAIRE

    Hector Lozoya-Saldaña

    2010-01-01

    En el valle de Toluca, México, durante el verano de 2003, clones obtenidos por ingeniería genética y por hibridación somática entre Solanum tuberosum y S. bulbocastanum fueron expuestos a infección natural por Phytophthora infestans, a fin de cuantificar su resistencia al oomiceto, previamente comprobada en otras condiciones. El objetivo fue identificar los genotipos de P. infestans que selectiva y progresivamente infectaron a los clones de papa. La mayoría de éstos fueron resistentes en los ...

  16. Exfoliative Toxins of Staphylococcus aureus

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Michal Bukowski

    2010-05-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus is an important pathogen of humans and livestock. It causes a diverse array of diseases, ranging from relatively harmless localized skin infections to life-threatening systemic conditions. Among multiple virulence factors, staphylococci secrete several exotoxins directly associated with particular disease symptoms. These include toxic shock syndrome toxin 1 (TSST-1, enterotoxins, and exfoliative toxins (ETs. The latter are particularly interesting as the sole agents responsible for staphylococcal scalded skin syndrome (SSSS, a disease predominantly affecting infants and characterized by the loss of superficial skin layers, dehydration, and secondary infections. The molecular basis of the clinical symptoms of SSSS is well understood. ETs are serine proteases with high substrate specificity, which selectively recognize and hydrolyze desmosomal proteins in the skin. The fascinating road leading to the discovery of ETs as the agents responsible for SSSS and the characterization of the molecular mechanism of their action, including recent advances in the field, are reviewed in this article.

  17. Frecuencia y susceptibilidad antibiótica del Staphylococcus aureus proveniente de hisopados nasales en una población urbano marginal de Lima, Perú The frequency and antibiotic susceptibility of Staphylococcus aureus from nasal swabs in an suburban marginal population in Lima, Peru

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar Carmona

    2012-06-01

    Full Text Available Objetivos. Determinar la frecuencia y los factores asociados de la colonización nasal por Staphylococcus aureus, así como el patrón de susceptibilidad antibiótica en una población urbano marginal de Lima, Perú. Materiales y métodos. Estudio transversal en personas de cualquier edad provenientes de un distrito urbano marginal de la zona norte de la ciudad de Lima. El muestreo fue por conveniencia. A cada persona se le realizó una encuesta y se le tomó una muestra de hisopado de las narinas, las que fueron procesadas para la identificación de Staphylococcus aureus y determinación del patrón de susceptibilidad mediante el método de difusión de disco de Kirby Bauer. Resultados. De los 452 participantes reclutados, entre 1 y 84 años de edad, la frecuencia de colonización nasal de Staphylococcus aureus fue de 24,6%, de los cuales solo el 0,9% fue resistente a meticilina. El único factor asociado a la colonización nasal fue la edad menor o igual a 11 años (OR: 3,80; IC95%: 1,42 - 10,16. La mayoría de cepas fue resistente a la penicilina (96,4% pero también se presentó a la eritromicina (10,9%, clindamicina (7,3% y gentamicina (4,5% en menor proporción. Conclusiones. La frecuencia de colonización nasal por Staphylococcus aureus fue similar a otros estudios a nivel mundial, con predominio de cepas meticilino sensibles.Objectives. To determine the frequency and associated factors of nasal colonization by Staphylococcus aureus and its antibiotic susceptibility pattern in a marginal suburban population Lima, Peru. Materials and methods. A cross-sectional study was conducted among population of all ages from a marginal suburban district in northern Lima. The study used a convenience sample. Each person was surveyed and provided a swab sample of the nostrils. The swab samples were analyzed to identify Staphylococcus aureus, determining the susceptibility pattern by the Kirby Bauer disk diffusion method. Results. From the 452

  18. Resistência de genótipos de soja ao herbicida glyphosate Resistance of soybean genotypes to glyphosate

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    E Matsuo

    2009-12-01

    Full Text Available Avaliou-se a resistência de dez genótipos de soja (Glycine max ao herbicida glyphosate. Foi adotado o esquema fatorial 10 x 4, no delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições. O fator A foi composto por dez genótipos de soja, e o B, por quatro doses de glyphosate. A aplicação do herbicida foi realizada no momento em que as plantas de soja apresentavam a segunda folha trifoliolada completamente desenvolvida. Avaliaramse os caracteres: intoxicação das plantas, número de nós da haste principal, altura das plantas e massa seca das plantas. Na avaliação da intoxicação de plantas, tanto aos quatro dias após a aplicação (DAA do herbicida quanto aos 28 DAA, os genótipos convencionais apresentaram médias superiores estatisticamente em comparação com genótipos resistentes ao glyphosate (RR. Verificou-se que, nas avaliações realizadas ao 0 DAA ou aos 28 DAA sob 0,0 g e.a. ha¹, as respostas dos genótipos foram diferentes em todos os caracteres avaliados, com exceção do número de nós aos 28 DAA. Essas diferenças podem ser atribuídas aos efeitos fisiológicos e ambientais ou a características do próprio material. Nas demais doses, os genótipos RR comportaram-se de maneira desejável em detrimento dos genótipos convencionais. Ao considerar todos os caracteres avaliados, pode-se afirmar que Valiosa RR, BCR945G110, BCR945G114, BCR892G132, BCR892G140, BCR1067G210, BCR1070G244 e M-SOY 8008RR comportaram-se de forma semelhante quanto à resistência ao glyphosate quando submetidos até a dose de 2.160 g e.a. ha-1 .Resistance of ten soybean genotypes (Glycine max to the herbicide glyphosate was evaluated. The randomized block experimental design was used under factorial scheme 10 x 4 and four replicates. Factor A was composed of 10 soybean genotypes and factor B of four glyphosate doses. The herbicide was applied when the second trifoliate leaf of the soybean plants was completely developed. The following characters

  19. Reação de linhagens de feijoeiro ao fungo Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli em condições controladas Reaction of common bean lines to Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli in controlled conditions

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mônica Juliani Zavaglia Pereira

    2011-10-01

    Full Text Available Entre os patógenos que mais contribuem para a redução da produtividade do feijoeiro no Brasil está o Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. O emprego de cultivares resistentes é o controle mais eficaz para esse patógeno. Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de avaliar linhagens de feijoeiro (Phaseolus vulgaris L. do banco de germoplasma da Universidade Federal de Lavras (UFLA, quanto a reação ao Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli e, ao mesmo tempo, estimar os parâmetros genéticos e fenotípicos que possam auxiliar em futuros programas de melhoramento para esse caráter. Foram avaliadas 367 linhagens em dez experimentos. As testemunhas 'Carioca' (suscetível e 'Carioca MG' (resistente foram utilizadas em todos os experimentos. O delineamento utilizado foi inteiramente ao acaso, com cinco repetições e parcelas de uma planta por vaso. As inoculações foram realizadas segundo a metodologia de corte e imersão de raízes na suspensão de esporos do fungo e as avaliações realizadas aos 21 dias após a inoculação com base no índice de severidade da doença empregando-se notas de 1 (plantas sem sintomas a 9 (plantas mortas.Das linhagens do banco de germoplasma da Universidade Federal de Lavras (UFLA avaliadas, 36,5% foram resistentes ao Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. Entre as resistentes, a maioria foi linhagens obtidas antes de 1990. Das 18 linhagens dos experimentos de VCU, do período de 2005/06, apenas quatro foram suscetíveis. A estimativa da herdabilidade (h² foi elevada (h² = 87%, indicando que, a princípio, o caráter é de fácil seleção.Among the pathogens that most contribute for reducing the productivity of beans in Brazil is the Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli. The use of resistant cultivars is the most effective control for this pathogen. The aim of this study was to evaluate germoplasm bean (Phaseolus vulgaris L. lines of the Federal University of Lavras (UFLA as the reaction to the Fusarium oxysporum f

  20. Revis\\~ao da Constru\\c{c}\\~ao de Modelos Supersim\\'etricos

    CERN Document Server

    Rodríguez, M C

    2001-01-01

    Foi com base neste estudo que fizemos a constru\\c{c}\\~ao da vers\\~ao supersim\\'etrica dos modelos de simetria $SU(3)_{C} \\otimes SU(3)_{L} \\otimes U(1)_{N}$ \\cite{susy331}, apresentado no final da minha tese de doutorado \\cite{mcr1}. Bem como dos estudos fenomenol\\'ogicos subsequente \\cite{mcr}.

  1. Into the Blue: AO Science with MagAO in the Visible

    CERN Document Server

    Close, Laird M; Follette, Katherine B; Hinz, Phil; Morzinski, Katie M; Wu, Ya-Lin; Kopon, Derek; Riccardi, Armando; Esposito, Simone; Puglisi, Alfio; Pinna, Enrico; Xompero, Marco; Briguglio, Runa; Quiros-Pacheco, Fernando

    2014-01-01

    We review astronomical results in the visible ({\\lambda}<1{\\mu}m) with adaptive optics. Other than a brief period in the early 1990s, there has been little astronomical science done in the visible with AO until recently. The most productive visible AO system to date is our 6.5m Magellan telescope AO system (MagAO). MagAO is an advanced Adaptive Secondary system at the Magellan 6.5m in Chile. This secondary has 585 actuators with < 1 msec response times (0.7 ms typically). We use a pyramid wavefront sensor. The relatively small actuator pitch (~23 cm/subap) allows moderate Strehls to be obtained in the visible (0.63-1.05 microns). We use a CCD AO science camera called "VisAO". On-sky long exposures (60s) achieve <30mas resolutions, 30% Strehls at 0.62 microns (r') with the VisAO camera in 0.5" seeing with bright R < 8 mag stars. These relatively high visible wavelength Strehls are made possible by our powerful combination of a next generation ASM and a Pyramid WFS with 378 controlled modes and 1000...

  2. Mastite com lesões sistêmicas por Staphylococus aureus subesp. aureus em coelhos

    OpenAIRE

    Traverso Sandra Davi; Cunha Leonardo da; Fernandes Joaquim César Teixeira; Loretti Alexandre Paulino; Rhoden Adriana; Wunder Jr. Elsio; Driemeier David

    2003-01-01

    Em uma criação composta por 1800 coelhos, 33% das matrizes apresentaram mastite e lesões cutâneas crostosas e purulentas. Estes animais apresentavam-se entre 10 a- 12 meses de idade e em segunda parição. Quinze coelhos afetados foram sacrificados e necropsiados. Na necropsia, além das lesões cutâneas haviam microabscessos em diversos órgãos. Das amostras coletadas isolou-se Staphylococcus aureus subesp. aureus. S. aureus subesp. aureus também foi isolado de "swab" nasal coletado do tratador e...

  3. ISOLAMENTO, IDENTIFICAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO QUANTO À RESISTÊNCIA AO PH ÁCIDO E PRESENÇA DE SAIS BILIARES DE CEPAS PROBIÓTICAS DE LEITES FERMENTADOS COMERCIAIS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Diala Urnau

    2012-02-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi isolar e caracterizar cepas de Lactobacillus e Bifidobactérias a partir de leites fermentados comerciais e analisar sua resistência ao pH ácido e sais biliares. Os microrganismos foram isolados de leites fermentados comerciais através da técnica 'spreadplate' em meio seletivo MRS suplementado com neomicina, paromomicina, ácido nalidíxico e cloreto de lítio. Posteriormente, as cepas foram caracterizadas conforme a coloração de Gram e a prova da catalase. Foi possível identificar através do kit comercial Api 20A os microrganismos Actinomyces israelli, Actinomyces haeslundii, Lactobacillus acidophilus/ jensenii e Bifidobacterium spp 2 e através do kit comercial Api 50CHL Medium foi possível identificar os microrganismos Lactococcus lactis ssp lactis 2 e Lactobacillus paracasei ssp paracasei 1. Foram realizados testes de resistência em pH de 3,0; 2,5 e 2,0 durante 3 e 6 horas e resistência aos sais biliares na concentração de 0,3%. Ambas as cepas foram resistentes ao pH de 3,0 durante 3 horas e 6 horas e aos sais biliares.

  4. Características histopatológicas necessárias para a pesquisa de bacilos álcool-ácido resistentes no eritema nodoso Histopathologic finds of research of acid-fast bacilli in erythema nodosum

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Mario Cezar Pires

    1996-12-01

    Full Text Available Através de estudo histopatológico retrospectivo de 51 lâminas de eritema nodoso (EN comum e 39 lâminas de eritema nodoso hansênico (ENH comprovou-se que o quadro histopatológico de ambos os grupos diferiu em diversos aspectos. Os achados que mais divergiram entre as duas afecções foram: a presença do infiltrado granulomatoso virchoviano em todos os casos de ENH; a localização predominante do infiltrado inflamatório, dermo-hipodérmica no ENH e hipodérmica no EN comum; o acometimento septal preferencial no EN comum e lobular no ENH; o encontro de células gigantes tipo corpo estranho no EN comum e sua ausência no ENH; o achado predominante de células mononucleares no EN comum e neutrófilos no ENH; a presença de infiltrado inflamatório ao redor de nervos no ENH. Comprovou-se que a pesquisa de bacilo álcool-ácido resistente (BAAR não necessita ser realizada em todos os casos de EN, uma vez que ao exame histopatológico de rotina existem diferenças entre o EN comum e o ENH que podem orientar a realização deste procedimento. A pesquisa deve ser realizada quando ao exame de rotina nas lâminas coradas por hematoxilina-eosina forem observadas as características histopatológicas do ENH descritas no estudo.It was possible to prove, by means of retrospective histopathological studies of 51 glass slides of common erythema nodosum (EN and 39 glass slides of erythema nodosum leprosum (ENL, that the histopathological features of the two groups differed in several ways. It was found that the most prominent divergent findings between these two diseases was the presence of a lepromatous granulomatous infiltrate in the ENL; the predominant location of the inflammatory infiltrate was derma-hypodermal in ENL and hypodermal in common EN; there was a preferential septa attack in common EN and lobular in ENL; foreign giant cells occurred only in common EN; the lymphocyte cell infiltration in common EN and of neutrophills in ENL and the

  5. Twelve thousand laser-AO observations: first results from the Robo-AO large surveys

    Science.gov (United States)

    Law, Nicholas M.; Baranec, Christoph; Riddle, Reed L.

    2014-07-01

    Robo-AO is the first AO system which can feasibly perform surveys of thousands of targets. The system has been operating in a fully robotic mode on the Palomar 1.5m telescope for almost two years. Robo-AO has completed nearly 12,000 high-angular-resolution observations in almost 20 separate science programs including exoplanet characterization, field star binarity, young star binarity and solar system observations. We summarize the Robo-AO surveys and the observations completed to date. We also describe the data-reduction pipeline we developed for Robo-AO—the first fully-automated AO data-reduction, point-spread-function subtraction and companion-search pipeline.

  6. Epidemiology of Methicillin-Resistant Staphylococcus aureus

    National Research Council Canada - National Science Library

    Helen W. Boucher; G. Ralph Corey

    2008-01-01

    The frequency of methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) infections continues to grow in hospital-associated settings and, more recently, in community settings in the United States and globally...

  7. minimising antibiotic resistance to staphylococcus aureus in ...

    African Journals Online (AJOL)

    2002-11-11

    Nov 11, 2002 ... changes in the epidemiology and antibiotic resistance of S. aureus. Strategies aimed at ... There has been much interest in the media, national and ..... may resort to self-medication with consumption of inadequate doses of ...

  8. Etudes structurales du ribosome de Staphylococcus aureus

    OpenAIRE

    Khusainov, Iskander

    2015-01-01

    The ribosome is a large cellular machinery that performs the protein synthesis in every living cell. Therefore, the ribosome is one of the major targets of naturally produced antibiotics, which can kill bacterial cells by blocking protein synthesis. However, some bacteria are resistant to these antibiotics due to small modifications of their ribosomes. Among them, Staphylococcus aureus (S. aureus) is a severe pathogen that causes numerous infections in humans. The crystal structures of comple...

  9. La personalidad resistente: Una revisión de la conceptualización e investigación sobre la dureza

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    D. GODOY-IZQUIERDO

    2002-01-01

    Full Text Available Se presenta una revisión de la formulación teórica de un constructo de personalidad, la personalidad resistente o dureza (Kobasa, 1979a, 1979b, propuesto como un recurso de resistencia y protección de la salud física y mental en virtud de su efecto amortiguador, mitigador o anulador de las consecuencias nocivas del estrés sobre el individuo. Asimismo, se presenta gran parte de los resultados de la investigación sobre la relación entre este constructo y la salud/enfermedad. El trabajo concluye con dos sugerencias fundamentales a tomar en cuenta en la investigación en torno a la dureza: la utilización de la estrategia estadística de la Obtención de Modelos mediante Ecuaciones Estructurales (Structural Equation Modeling y la determinación del papel de la dimensión de desafío respecto a la estructura de la personalidad resistente y a sus efectos sobre la asociación estrés-salud/enfermedad.

  10. Tratamiento con estatinas en pacientes pediátricos con síndrome nefrótico resistente a esteroides. Reporte de dos casos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    C Sánchez-García

    2017-01-01

    Full Text Available El síndrome nefrótico se define por la asociación de proteinuria, hipoalbuminemia, hiperlipidemia y edema. El 80% de los pacientes pediátricos con síndrome nefrótico primario responde a la terapia con esteroides; el 20% restante requiere asociar otros medicamentos para alcanzar la remisión (ciclofosfamida, ciclosporina. La hiperlipidemia en el síndrome nefrótico es debida tanto a un incremento en la síntesis acompañada de disminución en la eliminación de los lípidos de la sangre; siendo la causa directa de esto la proteinuria. La hiperlipidemia incrementa el riesgo cardiovascular, así como el daño glomerular. Con base en esto, la hiperlipidemia persistente en el síndrome nefrótico resistente a esteroides debe ser tratada. Los inhibidores de la 3-hidroxi-3-metilglutaril-coenzima A (HMG-CoA reductasa han demostrado efecto antiinflamatorio, inmunomodulador y antiproliferativo. Por ello el papel de las estatinas en el síndrome nefrótico va más allá de su efecto hipolipemiante. Presentamos dos casos de pacientes pediátricos con diagnóstico de síndrome nefrótico resistente a esteroides y su evolución durante el tratamiento con ciclosporina y estatinas.

  11. Caracterización bioquímica y molecular de aislados de Klebsiella pneumoniae resistente a antimicrobianos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Laura Margarita Castañeda

    2000-02-01

    diferentes aislados bacterianos resistentes a antibióticos, son insuficientes para discriminar un posible brote de infección nosocomial, siendo necesaria la utilización de técnicas basadas en el estudio genotípico, que logren establecer diferencias entre los aislados.

    El análisis del perfil de plásmidos es de mucha aplicabilidad, ya que permite una evaluación epidemiológica útil para determinar la diferencia o la semejanza entre los aislados sometidos a estudio. Sin embargo, no es suficiente para determinar el origen clonal de un brote y se requiere un método que permita una caracterización mas precisa de las cepas. Para este fin, se utiliza el análisis del DNA genómico, cortado con endonucleasas de restricción con baja frecuencia de corte, por medio de la electroforesis de campo pulsado (PFGE, que ha mostrado ser una buena herramienta epidemiológica, debido a su alta reproducibilidad y a su poder discriminatorio para determinar el origen clonal en varias especies bacterianas incluyendo Klebsiella pneunoniae, Este proyecto pretende determinar y caracterizar el comportamiento genético de esta resistencia en las cepas de Klebsiella pneumoniae circulantes en nuestro medio, lo que permitirá plantear estrategias epidemiológicas en el manejo y prevención de las diferentes infecciones debidas a este microorganismo.

    Objetivo general: Caracterizar bioquímica y molecularmente aislados de Klebsiella pneumoniae resistentes a antimicrobianos.

    Efeito bactericida do gerador de alta frequência na cultura de Staphylococcus aureus Bactericidal effect of high frequency generator in Staphylococcus aureus culture

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Andiara Martins

    2012-06-01

    Full Text Available O objetivo deste estudo foi verificar o efeito bactericida do gerador de alta frequência sobre a cultura de Staphylococcus aureus. Para isso, 36 placas de Petri inoculadas com Staphylococcus aureus foram divididas em 6 grupos, sendo 4 tratados (G5-15, G5-10, G3-15 e G3-10 e 2 controles (GC3 e GC5. O G5-15 e o G5-10 foram tratados 5 vezes por semana durante 15 e 10 minutos respectivamente, enquanto o G3-15 e o G3-10 foram tratados 3 vezes por semana durante 15 e 10 minutos respectivamente. No tratamento, foi utilizado o gerador de alta frequência na intensidade 10, técnica de faiscamento com eletrodo standard. Após o 15º dia de tratamento, foram realizadas repicagens para verificar se houve crescimento de novas culturas, observando-se que apenas o G5-15 mostrou-se eficaz quando comparado ao GC5 (p=0,0039. Assim, o gerador de alta frequência apresentou efeito bactericida diante de cultura de Staphylococcus aureus in vitro em uma frequência de 5 vezes por semana aplicado por 15 minutos diários.The purpose of this study was to check the bactericidal effect of the high frequency generator over the Staphylococcus aureus culture. A total of 36 Petri dishes inoculated with Staphylococcus aureus were divided into 6 groups, including 4 treated (G5-15, G5-10, G3-15 and G3-10 and 2 controls (GC3 e GC5. G5-15 and G5-10 were treated 5 times per week during 15 and 10 minutes, respectively, while G3-15 and G3-10 were treated 3 times per week during 15 and 10 minutes, respectively. In treatment, it was used the high frequency generator with intensity of 10, sparking technique with standard electrode. After the 15th day of treatment, there were performed transplanting, in order to check if there were growth of new cultures, and only G5-15 showed to be effective when compared to GC5 (p=0.0039. So, the high frequency generator had a bactericidal effect on Staphylococcus aureus in vitro culture at a frequency of 5 times per week and exposure time of 15

  12. Reação de maracujazeiro-amarelo ao complexo fusariose-nematoide de galha = Reaction of yellow passion fruit to fusariosis-root-knot nematode complex

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    César Júnior Bueno

    2010-04-01

    Full Text Available O presente trabalho foi conduzido em casa-de-vegetação da APTA/Bauru,Estado de São Paulo, no primeiro semestre de 2007, com o objetivo de avaliar a resistência de duas variedades de maracujá-amarelo, Maguari e Afruvec, ao complexo Fusarium solani- Meloidogyne incognita raça 3. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial de 2 x 4, com quatro ou cinco repetições, sendo a parcela constituída por um vaso com uma planta. Avaliou-se a severidade da fusariose, medindo-se o comprimento da lesão (cm no colo da planta e o número de galhas no sistema radicular. As duas variedades mostraram-se suscetíveis a F. solani. Apenas na variedade Afruvec, a presença do nematoide resultou em aumento da fusariose. Quanto à reação ao nematoide, ‘Maguari’ comportou-se como resistente, tanto na presença como na ausência do fungo. Ao contrário, para a variedade Afruvec, a presença do fungo resultou em diminuição da resistência aonematoide, passando de moderadamente resistente para suscetível.

  13. AVALIAÇÃO DE RESISTÊNCIA EM VARIEDADES DE ARROZ (Oryza sativa L. AO ATAQUE DO Sitophilus oryzae LINNAEUS, 1763 (COLEOPTERA: CURCULIONIDAE

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    SOUSA, Joseane Rodrigues

    2010-04-01

    Full Text Available The resistance of rice varieties to the attack of Sitophilus oryzae Linnaeus, 1763 (Coleoptera: Curculionidae was evaluated in an experiment conducted in the laboratory of the Universidade Estadual do Maranhão, in a randomized completely design with 19 treatments in six replications. The varieties used in this study were from field experiment conducted in Miranda do Norte, MA between the months of january to may 2006. We evaluated the emerged insects total at 35 and 60 days after harvest and at 35 days was determined thepercentage of grains with defects in the skin. The results showed that the varieties Nenenzinho and Branco Tardão were, respectively, in the two storage periods (35 and 60 days after harvest the most resistant to attack by S. oryzae as the variety Branco Tardão was the most susceptible in both storage of periods.A resistência de variedades de arroz ao ataque do Sitophilus oryzae, Linnaeus, 1763 (Coleoptera: Curculionidae foi avaliada em experimento conduzido em laboratório na Universidade Estadual do Maranhão, em delineamento experimental inteiramente casualizado com 19 tratamentos em seis repetições. As variedades utilizadas nesta pesquisa foram provenientes de experimento conduzido em campo no município de Miranda do Norte, MA entre os meses de janeiro a maio de 2006. Foram avaliados o total de insetos emergidos aos 35 e 60dias após a colheita e aos 35 dias foi determinado o percentual de grãos com defeitos na casca. Os resultados evidenciaram que as variedades Agulha e Nenenzinho foram, respectivamente, nos dois períodos de armazenamento (35 e 60 dias após a colheita as mais resistentes ao ataque de S. oryzae enquanto a variedade Branco Tardão foi a mais suscetível nos dois períodos de armazenamento.

  14. Estados Unidos: do Iraque ao Brasil

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Virgílio Caixeta Arraes

    2010-12-01

    Full Text Available O presente artigo busca analisar os recentes temas recorrentes na política externa norte-americana, caracterizada pela “guerra contra o terror”, e seus impactos para a agenda a ser discutida na vindoura visita do presidente dos Estados Unidos, Geoge W. Bush, ao Brasil.

  15. Carotenoid Formation by Staphylococcus aureus

    Science.gov (United States)

    Hammond, Ray K.; White, David C.

    1970-01-01

    The carotenoid pigments of Staphylococcus aureus U-71 were identified as phytoene; ζ-carotene; δ-carotene; phytofluenol; a phytofluenol-like carotenoid, rubixanthin; and three rubixanthin-like carotenoids after extraction, saponification, chromatographic separation, and determination of their absorption spectra. There was no evidence of carotenoid esters or glycoside ethers in the extract before saponification. During the aerobic growth cycle the total carotenoids increased from 45 to 1,000 nmoles per g (dry weight), with the greatest increases in the polar, hydroxylated carotenoids. During the anaerobic growth cycle, the total carotenoids increased from 20 nmoles per g (dry weight) to 80 nmoles per g (dry weight), and only traces of the polar carotenoids were formed. Light had no effect on carotenoid synthesis. About 0.14% of the mevalonate-2-14C added to the culture was incorporated into the carotenoids during each bacterial doubling. The total carotenoids did not lose radioactivity when grown in the absence of 14C for 2.5 bacterial doublings. The total carotenoids did not lose radioactivity when grown in the absence of 14C for 2.5 bacterial doublings. The incorporation and turnover of 14C indicated the carotenes were sequentially desaturated and hydroxylated to form the polar carotenoids. PMID:5423369

  16. The Subaru Coronagraphic Extreme AO Project

    Science.gov (United States)

    Martinache, Frantz; Guyon, O.; Lozi, J.; Tamura, M.; Hodapp, K.; Suzuki, R.; Hayano, Y.; McElwain, M. W.

    2009-01-01

    While the existence of large numbers of extrasolar planets around solar type stars has been unambiguously demonstrated by radial velocity, transit and microlensing surveys, attempts at direct imaging with AO-equipped large telescopes remain unsuccessful. Because they supposedly offer more favorable contrast ratios, young systems consitute prime targets for imaging. Such observations will provide key insights on the formation and early evolution of planets and disks. Current surveys are limited by modest AO performance which limits inner working angle to 0.2", and only reach maximum sensitivity outside 1". This translates into orbital distances greater than 10 AU even on most nearby systems, while only 5 % of the known exoplanets have a semimajor axis greater than 10 AU. This calls for a major change of approach in the techniques used for direct imaging of the direct vicinity of stars. A sensible way to do the job is to combine coronagraphy and Extreme AO. Only accurate and fast control of the wavefront will permit the detection of high contrast planetary companions within 10 AU. The SCExAO system, currently under assembly, is an upgrade of the HiCIAO coronagraphic differential imaging camera, mounted behind the 188-actuator curvature AO system on Subaru Telescope. This platform includes a 1000-actuator MEMS deformable mirror for high accuracy wavefront correction and a PIAA coronagraph which delivers high contrast at 0.05" from the star (5 AU at 100 pc). Key technologies have been validated in the laboratory: high performance wavefront sensing schemes, spider vanes and central obstruction removal, and lossless beam apodization. The project is designed to be highly flexible to continuously integrate new technologies with high scientific payoff. Planned upgrades include an integral field unit for spectral characterization of planets/disks and a non-redundant aperture mask to push the performance of the system toward separations less than lambda/D.

  17. Actividad antibacteriana de algunas especies medicinales de Eupatorium contra bacterias patógenas resistentes a antibióticos

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Edgar García-Sánchez

    2015-07-01

    Full Text Available Thirty six samples arising from hexane, dichloromethane, and methanol extracts from four medicinal Eupatorium species were screened against Gram positive and Gram negative resistant bacteria associated with nosocomial infections by disk diffusion method. The best antibacterial extracts were selected by correspondence analysis. The hexane extracts showed high inhibition against clinical isolated bacteria. The qualitative chemical analysis was realized in the best antibacterial hexane extracts. The main components identified were triterpenes and benzopyran compounds which of extensively had been reported their antibacterial activities. Our results showing that medicinal Eupatorium species studied in this work have metabolites secondary antibacterial particularly against antibiotic resistant strains, Klebsiella pneumoniae and Staphylococcus aureus and validate their uses in traditional medicine

  18. Reação de acessos de pimentão e pimentas ao oídio (Oidiopsis taurica Reaction of sweet and hot pepper accesses to powdery mildew (Oidiopsis taurica

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sally F. Blat

    2005-03-01

    Full Text Available O oídio causado pelo fungo Oidiopsis taurica é uma das principais doenças no gênero Capsicum spp. Seus danos podem causar desfolha de até 75% e perdas de até 40% em produção. Seu controle através de fungicidas tem se mostrado ineficaz, sendo a resistência genética a melhor alternativa. Poucas fontes de resistência já foram identificadas em Capsicum annuum. Neste trabalho avaliou-se os acessos da coleção de Capsicum spp. do banco de germoplasma da USP/ESALQ quanto às suas reações ao oídio e identificar novas fontes de resistência. O experimento foi conduzido em casa de vegetação em condições severas de ocorrência do patógeno. Durante a fase de frutificação foi feita a avaliação das reações, através de uma escala de notas, de 1 (resistente a 5 (altamente suscetível. Dos 156 acessos testados, 53 foram considerados resistentes, sendo representados por 5 acessos em C. annuum, 31 em C. baccatum e 17 em C. chinense. Dentre os acessos resistentes em C. annuum, a variedade dihaploide HV-12 mostrou-se como a mais resistente. Duas novas fontes de resistência se destacaram em C. annuum, #124 e Chilli. Esses acessos mostraram um mecanismo diferenciado de resistência, apresentando uma reação de hipersensibilidade ao patógeno. Os híbridos comerciais Reinger, Nathalie, Margarita, Magali R e Magda foram classificados como suscetíveis a altamente suscetíveis. Grande parte dos acessos resistentes de C. baccatum e C. chinense apresentaram desfolha em conseqüência do mecanismo de hipersensibilidade.Powdery mildew caused by Oidiopsis taurica is one of the major diseases of Capsicum spp., causing damage due to defoliation of up to 75% and yield losses of up to 40%. Disease control with fungicide is inefficient, genetic resistance being the best way of control. Few resistant sources have been identified in Capsicum annuum. Capsicum spp. collection accesses of USP/ESALQ germplasm bank were screened in their reaction and

  19. CONTROLE DE Staphylococcus aureus EM CHARQUES (JERKED BEEF POR CULTURAS INICIADORAS

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcos Franke PINTO

    1998-05-01

    Full Text Available Jerked beef - JB - é um produto cárneo curado, salgado e seco ao sol, derivado de um típico produto cárneo brasileiro - o charque. Ambos carecem de estudos que orientem seu aprimoramento. Staphylococcus spp. têm sido reportado como o gênero predominante na microbiota do produto, o que evidencia o risco de desenvolvimento de linhagens enterotoxigênicas de S. aureus. Foram empregadas duas linhagens inócuas de estafilococos na elaboração de JB, a fim de avaliar sua influência sobre o desenvolvimento de S. aureus por mecanismo competitivo ou pela produção de bacteriocinas. Os resultados demonstraram que ambas inibiram o desenvolvimento do patógeno tanto in vitro como durante o processamento do produto. Não se observou produção de compostos inibitórios pelas linhagens iniciadoras, ficando a explicação para a inibição observada restrita ao mecanismo competitivo. Este trabalho permitiu demonstrar a possibilidade de aumentar a segurança e padronização de JB pelo emprego de culturas bacterianas selecionadas.Jerked beef - JB - is a sun-dried, salted and cured meat product, derived from charqui. There are few studies about JB in the literature, as in charqui. Staphylococcus spp has been reported to be the predominant microrganism present in JB. The presence of this genus reveals a possible hazard for S. aureus growth. Two staphilococci strains commonly used as starter in fermented meat products have been employed with the purpose to inhibiting S. aureus either through competitive action or through the production of bacteriocins. The results demonstrated the inhibition S. aureus growth, probably through a competitive action, as they grow better in the medium. These starters have not produced any inhibitory compound. These informations led us to conclude that it is possible to improve the safety and quality standardization of JB through appropriate starter cultures.

  1. Denervación renal percutánea mediante el uso de catéter con balón en pacientes con hipertensión arterial resistente

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Isabel C. Marín-Orozco

    2015-11-01

    El objetivo del presente reporte es describir detalladamente dos casos de hipertensión arterial resistente, tratados mediante ablación con radiofrecuencia con el nuevo dispositivo Vessix® de la compañía Boston Scientific.

  2. Caracterização de infeções nosocomiais causadas por bactérias resistentes

    OpenAIRE

    Silva, Inês Madail Marques e

    2016-01-01

    As Infeções Nosocomiais são um grave problema de saúde a nível mundial, produzindo endemias e epidemias. O elevado consumo de antibióticos e a transmissão microbiana das resistências nos hospitais são as principais causas do seu aparecimento, sobretudo em Unidades de Cuidados Intensivos. A transmissão de resistências nos hospitais tem levado ao aparecimento de estirpes bacterianas multirresistentes cujo tratamento é dificultado pela falta de recursos terapêuticos, o que resulta em aumento dos...

  3. Detecção de genes do cluster egc em Staphylococcus aureus isolados de alimentos de origem animal Detection of genes of egc cluster in Staphylococcus aureus isolated from foods of animal origin

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernando Zocche

    2010-05-01

    Full Text Available Os objetivos deste estudo foram detectar, por PCR, genes codificadores de enterotoxinas estafilocócicas, pertencentes ao cluster egc (genes seg, sei, selm, seln e selo em Staphylococcus aureus isolados em diferentes alimentos de origem animal, e relacionar sua presença com a fonte de isolamento. Quarenta e uma cepas de S. aureus de diferentes origens (carne de frango, leite cru, embutidos cárneos e queijo foram avaliadas por PCR, por meio da amplificação de um fragmento de 3375pb (denominado egc parcial, que foi utilizado como marcador da presença do cluster, e fragmentos de cada um dos genes pertencentes ao cluster egc. Há presença de genes do cluster egc em isolados de S. aureus isoladas em alimentos de origem animal; entretanto, diferentes genótipos puderam ser observados em função da fonte de isolamento. A ocorrência de S. aureus isolados em carne de frango que possuíam todos os genes do cluster foi elevada; no entanto, nos isolados oriundos dos demais alimentos, essa ocorrência foi reduzida.The aim of this study was to detect, through PCR usage, the genes which encodes staphylococcal enterotoxins and which belongs to egc cluster (seg, sei, selm, seln and selo in S. aureus isolated from different foods of animal origin and correlate their presence with the strain origin. Forty-one strains of S. aureus from different sources (chicken meat, raw milk, sausage meat and cheese were evaluated through PCR by amplifying a fragment of 3375bp (called partial egc, which was used as a marker for the presence of cluster, and fragments of individual genes belonging to egc cluster. There is presence of the egc cluster in strains of S. aureus isolated from foods of animal origin, however, different genotypes could be observed depending on the isolation source. The occurrence of strains isolated from chicken meat that had all the genes of the cluster was high; however, in the strains isolated from the other foods, such occurrence has been

  4. Antibiotic resistance of Staphylococcus aureus isolated from enteral diets in a public hospital of Minas Gerais Resistência a antibióticos de Staphylococcus aureus isolados de dietas enterais em um hospital público de Minas Gerais

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Nélio José de Andrade

    2007-10-01

    Full Text Available Enteral diets constitute an excellent means for microbial growth due to its composition rich in nutrients and its time of exposure to room temperature during application. Among the pathogenic bacteria there is the Staphylococcus aureus that is an opportunist microorganism found in the humans’ mucous membrane (buccal, nasal and oral. Samples of enteral diet after application as well as of the environment used for the preparation of the diets, were collected in a public hospital in Minas Gerais and analyzed for the presence of S. aureus. The contamination by S. aureus was evidenced in 83% of the enteral diet samples. As for the environment, the values found were in conformity with APHA recommendation. The isolated strains were submitted to the evaluation of the resistance to different antibiotics. Resistance was observed for tetracycline (100%, erythromycin (90,9%, chloramphenicol (59,1%, estreptomycin (22,72%, penicillin 18,8%, vancomycin (13,63%, ampicillin (13,63%, amoxilin (9,09% and gentamicin (4,54%. Due to the versatility in the resistance development to several antibiotics the S. aureus survives in hospital environments and can be diffused among patients. Dietas enterais constituem um excelente meio para crescimento microbiano, devido à sua composição rica em nutrientes e ao tempo de exposição à temperatura ambiente durante a administração. Dentre as bactérias patogênicas que podem ser encontradas nessas dietas, cita-se o Staphylococcus aureus, microrganismo oportunista encontrado na microbiota da membrana mucosa (bucal, nasal e oral em seres humanos. Amostras de dieta enteral pós-administração e do ambiente utilizado para o seu preparo foram coletadas em um hospital público e analisadas quanto à presença de S. aureus. A contaminação foi evidenciada em 83% das amostras de dietas enterais, e, quanto ao ambiente, os valores encontrados se apresentam de acordo com a recomendação da APHA. As cepas isoladas foram

  5. Intra-cellular Staphylococcus aureus alone causes infection in vivo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    T Hamza

    2013-07-01

    Full Text Available Chronic and recurrent bone infections occur frequently but have not been explained. Staphylococcus aureus (S. aureus is often found among chronic and recurrent infections and may be responsible for such infections. One possible reason is that S. aureus can internalize and survive within host cells and by doing so, S. aureus can evade both host defense mechanisms and most conventional antibiotic treatments. In this study, we hypothesized that intra-cellular S. aureus could induce infections in vivo. Osteoblasts were infected with S. aureus and, after eliminating extra-cellular S. aureus, inoculated into an open fracture rat model. Bacterial cultures and radiographic observations at post-operative day 21 confirmed local bone infections in animals inoculated with intra-cellular S. aureus within osteoblasts alone. We present direct in vivo evidence that intra-cellular S. aureus could be sufficient to induce bone infection in animals; we found that intra-cellular S. aureus inoculation of as low as 102 colony forming units could induce severe bone infections. Our data may suggest that intra-cellular S. aureus can “hide” in host cells during symptom-free periods and, under certain conditions, they may escape and lead to infection recurrence. Intra-cellular S. aureus therefore could play an important role in the pathogenesis of S. aureus infections, especially those chronic and recurrent infections in which disease episodes may be separated by weeks, months, or even years.

  6. Seleção de famílias de feijoeiro resistente à antracnose e à mancha-angular Selection of common bean families resistant to anthracnose and angular leaf spot

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo Geraldo de Morais Silva

    2006-10-01

    Full Text Available O objetivo deste trabalho foi identificar famílias de feijoeiro com resistência a Colletotrichum lindemuthianum e Phaeoisariopsis griseola e com outros fenótipos agronômicos desejáveis. As famílias utilizadas foram obtidas do cruzamento entre a linhagem H91, portadora de três alelos de resistência à antracnose, com três famílias F2:5 resistentes à mancha-angular, derivadas da cultivar Jalo EEP 558. Foi utilizado o delineamento látice quadrado em todos os experimentos. Inicialmente, foram avaliadas 144 famílias F2:3, no inverno de 2004, em Lavras, MG, com base no tipo de grão. Foram selecionadas 80 famílias F2:4 e avaliadas com a testemunha BRSMG Talismã, no período das águas de 2004/2005, no mesmo local. Considerando-se o tipo de grão e a resistência à mancha-angular e antracnose, foram mantidas 48 famílias F2:5, que foram avaliadas na seca de 2005, em Lavras e Lambari, MG. Essas 48 famílias passaram por inoculação das raças 2047, 73 e 1545 de C. lindemuthianum, para verificação da presença dos alelos de resistência Co-4², Co-5 e Co-7, respectivamente. Foram identificados genótipos da maioria das 48 famílias, quanto à reação à antracnose, das quais se destacaram quatro, em relação ao tipo de grão semelhante ao 'Carioca', de porte ereto, produtividade elevada e resistência à mancha-angular.The objective of this work was to select common bean families resistant to Colletotrichum lindemuthianum and Phaeoisariopsis griseola and, also, with superior agronomical traits. Families used were obtained from crosses of H91 lineage, bearer of three alleles resistant to anthracnose, and F2;5 families derived from the cultivar Jalo EEP 558, which is resistant to angular leaf spot. Square lattice design was used in all experiments. Initially the F2:3 families (144 were evaluated in the winter of 2004, in Lavras county, MG, Brazil, based on grain type. Eighty families (F2:4 were selected and evaluated with the check

  7. Labirintite consequente ao uso de difenilhidantoina

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Eneida Baptistete Matarazzo

    1978-03-01

    Full Text Available É relatado o caso de paciente epilético que, aos 16 anos de idade, ao fazer uso de difenilhidantoina, apresentou, já nos primeiros dias, sinais de intolerância, com sensação de formigamento das extremidades. Aos 36 anos voltou a fazer uso desse mesmo medicamento e apresentou sintomas de labirintite, tendo crises de tipo rotatório quando inclinava a cabeça para a esquerda ou a movia bruscamente. O tratamento específico para labirintite, orientado por otorrinolaringologista, foi ineficaz e o quadro clínico agravou-se progressivamente. Ao fim de seis meses seu exame psíquico revelava leve torpor, lentificação do raciocínio, incapacidade para o trabalho e depressão reativa, observando-se, do ponto de vista neurológico, discreto desvio da marcha para a esquerda e discreto aumento da base de sustentação. Além disto referia a existência de crises rotatórias e vômitos tão frequentes que nos últimos dois meses precisou ser hospitalizado algumas vezes, para ser hidratado. A suspensão da difenilhidantoina com manutenção exclusiva de fenobarbital (do qual também já vinha fazendo uso, determinou regressão rápida dos sintomas citados. Tal fato permitiu concluir que a labirintite foi provocada pelo uso da difenilhidantoina e deve ser incluida na extensa relação de efeitos colaterais provocados por essa droga.

  8. Abordagens ao aprendizado político

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Krischke, Paulo J.

    2002-01-01

    Full Text Available Há um reconhecimento crescente entre os cientistas políticos de que uma fonte principal para a conquista e o aperfeiçoamento da democracia é o aprendizado político por parte dos atores sociais e políticos. Contudo, a bibliografia especializada não considera satisfatoriamente como o aprendizado político reorienta os comportamentos e atitudes em apoio à democracia política e seu aperfeiçoamento. A presente proposta acata esse desafio, numa revisão teórica inicial das abordagens existentes ao aprendizado político no contexto da globalização. Num primeiro momento, considera as limitações da abordagem ao estudo das elites nos processos de democratização. Em segundo lugar salienta as dificuldades da teoria da modernização para enfrentar o tema, nos estudos sobre os públicos massivos. Mais adiante sugere as contribuições que uma abordagem inspirada nos trabalhos de Jürgen Habermas pode proporcionar ao estudo do aprendizado político. E conclui indicando certas interfaces temáticas a serem examinadas na bibliografia no contexto da globalização. À luz de resultados de uma pesquisa atualmente em sua fase final

  9. Staphylococcus aureus survival in human blood.

    Science.gov (United States)

    Malachowa, Natalia; DeLeo, Frank R

    2011-01-01

    Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) is abundant in hospitals and in the United States is a leading cause of mortality due to infectious agents. Community-associated MRSA (CA-MRSA) strains such as USA300, which typically cause disease outside of healthcare settings, are also prevalent in the United States. Although most CA-MRSA infections affect skin and soft tissue, the pathogen can enter the bloodstream and ultimately cause severe disease. In a recent paper, we used USA300-specific microarrays to generate a comprehensive view of the molecules that facilitate S. aureus immune evasion and survival in human blood. Notably, genes encoding proteins involved in iron-uptake and utilization and gamma-hemolysin (hlgABC) are highly up-regulated by USA300 during culture in human blood. Here we discuss the potential implication of these findings and the possible role of gamma-hemolysin in the success of S. aureus as a human pathogen.

  10. Genomics of Natural Populations of Staphylococcus aureus.

    Science.gov (United States)

    Fitzgerald, J Ross; Holden, Matthew T G

    2016-09-01

    Staphylococcus aureus is a major human pathogen and an important cause of livestock infections. The first S. aureus genomes to be published, 15 years ago, provided the first view of genome structure and gene content. Since then, thousands of genomes from a wide array of strains from different sources have been sequenced. Comparison of these sequences has resulted in broad insights into population structure, bacterial evolution, clone emergence and expansion, and the molecular basis of niche adaptation. Furthermore, this information is now being applied clinically in outbreak investigations to inform infection control measures and to determine appropriate treatment regimens. In this review, we summarize some of the broad insights into S. aureus biology gained from the analysis of genomes and discuss future directions and opportunities in this dynamic field of research.

  11. Evolution of methicillin-resistant Staphylococcus aureus towards increasing resistance

    DEFF Research Database (Denmark)

    Strommenger, Birgit; Bartels, Mette Damkjær; Kurt, Kevin

    2014-01-01

    To elucidate the evolutionary history of Staphylococcus aureus clonal complex (CC) 8, which encompasses several globally distributed epidemic lineages, including hospital-associated methicillin-resistant S. aureus (MRSA) and the highly prevalent community-associated MRSA clone USA300....

  12. Toxicity test and bacteriophage typing of Staphylococcus aureus ...

    African Journals Online (AJOL)

    African Journal of Biotechnology ... Strains of Staphylococcus aureus isolated from foods prepared in five families in Zaria Local ... Keywords: Staphylococcus aureus, enterotoxin production, phage typing, haemolysis and food poisoning ...

  13. Propionibacterium acnes biofilm - A sanctuary for Staphylococcus aureus?

    Science.gov (United States)

    Tyner, Harmony; Patel, Robin

    2016-08-01

    The purpose of this study was to measure the effect of combined culture of Propionibacterium acnes and Staphylococcus aureus on biofilm formation under different oxygen concentrations. We measured planktonic growth and biofilm formation of P. acnes and S. aureus alone and together under aerobic and anaerobic conditions. Both P. acnes and S. aureus grew under anaerobic conditions. When grown under anaerobic conditions, P. acnes with or without S. aureus formed a denser biomass biofilm than did S. aureus alone. Viable S. aureus was recovered from a16-day old combined P. acnes and S. aureus biofilm, but not a monomicrobial S. aureus biofilm.

  14. Tratamiento con caspofungina de endocarditis por Candida tropicalis resistente a fluconazol Treatment with caspofungin of Candida tropicalis endocarditis resistant to fluconazol

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Marcelo del Castillo

    2004-04-01

    Full Text Available Las endocarditis causadas por hongos, (Candida en particular, requieren tratamiento médico-quirúrgico, siendo la anfotericina B la droga de elección. Caspofungina es una equinocandina con gran actividad sobre Candida y Aspergillus. Se presenta un paciente con una endocarditis por Candida tropicalis resistente a fluconazol tratado con caspofungina bajo un esquema de salvataje, luego de haber presentado efectos adversos por anfotericina B. El paciente tuvo respuesta microbiológica.Fungal endocarditis, in particular due to Candida species, requires medical and surgical treatment and amphotericin B is the drug of choice. Caspofungin is an echinocandin very effective against Candida and Aspergillus. We present a patient with Candida tropicalis endocarditis, fluconazol resistant, treated with caspofungin, on a compassional basis as a result of adverse effects with amphotericin B. The patient had a microbiological response.

  15. Desenvolvimento e utilização de marcadores moleculares para seleção de cafeeiros resistentes à ferrugem

    OpenAIRE

    Almeida, Dênia Pires de

    2015-01-01

    A ferrugem alaranjada causada pelo fungo biotrófico Hemileia vastatrix Berk. et Br. é considerada em todo o mundo uma séria doença do cafeeiro que tem causado vários prejuízos para a cafeicultura. O uso de fungicidas é o método mais empregado para o controle da doença, porém sua aplicação deve ser feita de forma racional, para não inviabilizar a cultura e agredir o meio ambiente. Na busca por cultivares resistentes, já foram identificados nove genes dominantes de resitência a H.vastatrix pres...

  16. Identificação de progênies de tomateiro resistentes à murcha-bacteriana Identification of tomato progenies for resistance to bacterial wilt

    OpenAIRE

    Silveira,Elineide B.; Andréa M.A. Gomes; Edinardo Ferraz; Maranhão,Elizabeth A. A.; Rosa L.R. Mariano

    1999-01-01

    Uma amostra de 660 plantas de uma população F6 de tomateiro, obtida pelo cruzamento das cultivares CL5915-93 (moderadamente resistente) e IPA-6 (suscetível) foi avaliada para resistência a Ralstonia solanacearum em condições de campo (28 ± 4ºC e UR 70 ± 5,5%), em março de 1996 na UFRPE. Plantas com 20 dias foram inoculadas com a biovar III do patógeno pela deposição de 5 ml de uma suspensão (5x10(8) UFC/ml) na base de cada planta, duas horas antes do transplantio para canteiros no campo. As a...

  17. Novos cultivos cromogênicos de bacilos ácido-alcool resistentes isolados de mosquitos (Culicini, capturados sobre leprosos: II nota

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Celso S. C. Rossell

    1947-12-01

    Full Text Available 1. O autor obteve três novas culturas de bacilos ácido-alcool resisten¬tes, isolados de mosquitos (Culicini capturados sôbre leprosos, em condições naturais, no campo livre a um quilômetro aproximadamente de distância da Colônia Santa Fe. 2. As semeaduras praticadas com mosquistos normais,, capturados sôbre um cavalo, até hoje foram negativas, para bacilos ácido-alcool resistentes. 3. Os exames microscópicos de esfregaços de diferentes tribus de mosquitos silvestres, capturados em condições naturais, sôbre enfermos lepro-matosos, nas margens do rio "Peixe", deram um total de 22% de positivos, com 111 bacilos contaveis e algumas massas de bacilos ácido-alcool resistentes na laminas observadas. (V. quadro I. 4. Os mosquitos urbanos Cutex fatigans, capturados dentro da Colônia nos Pavilhões e vivendas isoladas com lepromatosos, deram um total de 20% de positivos, com 55 bacilos contaveis e alguns grupos de bacilos e globias de bacilos ácido-alcool resistentes. (V. quadro II. 5. Em 50 laminas com esfregaços de mosquitos Culicini normais, cap¬turados sôbre cavalo, encontramos uma só lamina 4 bacilos duvidosos. No resto, as laminas foram negativas para bacilos ácido-alcool resistentes. Estes estudos estão sendo continuados no Laboratório de Leprologia do Instituto Oswaldo Cruz. Assim também temos empreendido novas experiências trabalhando com mosquitos capturados sôbre leprosos nas proximidades do Hospital-Colônia Curupaity e com mosquitos capturados nos Pavilhões do Leprosário, contando com a colaboração do Prof. Oliveira Castro, na classificação do material, determinando rigorosamente as espécies dos mosquitos.The A. describes three new samples of cultures of acid-fast bacilli iso¬lated from wild mosquitos experimentally fed on active cases of leprosy, in the South of the State of Minas Gerais, about 1 mile dintant from Santa Fé Leper Colony. All those cultures are chromogenic and germinate quite well on

  18. Mastite com lesões sistêmicas por Staphylococus aureus subesp. aureus em coelhos Mastitis with systemic lesions due to Staphylococus aureus subesp. aureus in rabbits

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Sandra Davi Traverso

    2003-04-01

    Full Text Available Em uma criação composta por 1800 coelhos, 33% das matrizes apresentaram mastite e lesões cutâneas crostosas e purulentas. Estes animais apresentavam-se entre 10 a- 12 meses de idade e em segunda parição. Quinze coelhos afetados foram sacrificados e necropsiados. Na necropsia, além das lesões cutâneas haviam microabscessos em diversos órgãos. Das amostras coletadas isolou-se Staphylococcus aureus subesp. aureus. S. aureus subesp. aureus também foi isolado de "swab" nasal coletado do tratador encarregado de fazer o diagnóstico de gestação nas coelhas. Histologicamente, havia formação de múltiplos abscessos, presença de bactérias gram positivas em vasos sangüíneos e linfáticos, além de êmbolos bacterianos nos tecidos. Nas mamas, observou-se tecido glandular normal associado a abscessos multifocais delimitados.At a commercial rabbitry which was composed of 1800 New Zealand White rabbits, 30% of the does had presented mastitis and purulent cutaneal lesions. The age of the animals ranged from 10 to 12 months and were at the second parturition. At necropsy, microabscesses were observed in several organs. Bacteriological samples collected from affected animals resulted Staphylococcus aureus subesp. aureus.. Additionally, the same agent has been isolated from a nasal swab collected from the person responsible for the pregnancy diagnosis. Histologically, there were multiple abscesses, gram positive bacteria within blood and lymphatic vessels, and bacterial emboli scattered in the tissues. In the mammas, normal glandular tissue associated with multifocal abscesses were observed.

  19. Cerâmicas ácido resistentes: a busca por cimentação resinosa adesiva Acid resistant ceramics: the search for resinous adhesive cementation

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    A. S. Malheiros

    2013-03-01

    Full Text Available A eliminação da fase vítrea das cerâmicas odontológicas tornou-as resistentes à fratura, mas também ácido resistentes, o que neste último caso dificulta a cimentação resinosa adesiva. A busca por métodos para condicionar estas cerâmicas tem estimulado inúmeros trabalhos científicos. O tratamento da superfície cerâmica, a descontaminação da superfície e a escolha dos agentes de união e cimentação estão entre os itens considerados importantes. As pesquisas dos últimos cinco anos mostram que ainda não há um protocolo definido de cimentação, contudo os resultados apontam para uma associação de métodos para que a união adesiva seja obtida.The elimination of the glassy phase of dental ceramics made them resistant to fracture but also acid resistant, which makes it difficult in the latter case the adhesive resin cement. The search for methods to condition these ceramics has stimulated many scientific papers. The ceramic surface treatment, decontamination of the surface and the choice of coupling agents and cement are among the items considered important. Researches in the last five years show that there is still no established protocol for cement, but the results point to a combination of methods for the adhesive bond is obtained.

  20. Characterization, prevalence and antibiogram study of Staphylococcus aureus in poultry

    OpenAIRE

    Yeasmeen Ali; Md. Ashraful Islam; Nazmul Hasan Muzahid; Mohd. Omar Faruk Sikder; Md. Amzad Hossain; Lolo Wal Marzan

    2017-01-01

    Objective: To reveal the presence of methicillin resistant Staphylococcus aureus (S. aureus) (MRSA) in poultry samples and to determine the antibiogram pattern against five antibiotics. Methods: Samples from different poultry farm of Chittagong city, Bangladesh were examined for S. aureus by different biochemical tests and confirmed as MRSA by identifying the presence of mecA gene using PCR. Antibiotic resistance pattern in S. aureus was determined by antibiotic disk diffusion method. R...

  1. Linhagens de feijoeiro comum com fenótipos agronômicos favoráveis e resistência ao crestamento bacteriano comum e antracnose Common bean lines with suitable agronomic phenotypes and resistant to bacterial blight and anthracnose

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Joaquim Geraldo Cáprio da Costa

    2003-10-01

    Full Text Available O crestamento bacteriano comum e a antracnoseincitados por Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli (Smith Vauterin, Hoste, Kesters & Swings e Colletotrichum lindemuthianum (Sacc. & Magn. Scrib., respectivamente, podem reduzir consideravelmente a produtividade do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.. Conduziu-se este trabalho com o objetivo de obter linhagens com resistência conjunta ao crestamento bacteriano comum e à antracnose, com características agronômicas desejáveis. Foram obtidas 35 populações F2 provenientes de cruzamentos simples entre linhagens com resistência ao crestamento bacteriano comum proveniente de P. acutifolius A. Gray e linhagens resistentes à antracnose e com características agronômicas favoráveis. As populações segregantes de F2 a F5 foram inoculadas com o patótipo 89 de C. lindemuthianum com uma concentração de 1,2 x 10(6 conídios/mL e submetidas à seleção massal modificada. As plantas que apresentaram grau superior a 4 foram eliminadas. Na geração F5, foi realizada seleção individual das plantas remanescentes para obter as famílias F6. As famílias F6 foram avaliadas mediante inoculação com os patótipos 55, 89, 95 e 453 de C. lindemuthianum. As famílias F7 resistentes à antracnose foram inoculadas em casa-de-vegetação por incisão das folhas primárias com tesoura mergulhada em uma suspensão de 5 x 10(7 ufc do isolado XpCNF 15 de X. axonopodis pv. phaseoli. As linhagens resistentes foram avaliadas em quatro experimentos de campo. Foram selecionadas 17 linhagens com alto rendimento de grãos, resistentes ao crestamento bacteriano comum e à antracnose, com boa altura de inserção das vagens inferiores e resistentes ao acamamento.Common bacterial blight and anthracnose diseases, incited by Xanthomonas axonopodis pv. phaseoli (Smith Vauterin, Hoste, Kesters & Swings and Colletotrichum lindemuthianum (Sacc. & Magn. Scrib., respectively, are major constrains for dry bean (Phaseolus vulgaris L

  2. Epidemiology of Staphylococcus aureus during space flight

    Science.gov (United States)

    Pierson, D. L.; Chidambaram, M.; Heath, J. D.; Mallary, L.; Mishra, S. K.; Sharma, B.; Weinstock, G. M.

    1996-01-01

    Staphylococcus aureus was isolated over 2 years from Space Shuttle mission crewmembers to determine dissemination and retention of bacteria. Samples before and after each mission were from nasal, throat, urine, and feces and from air and surface sampling of the Space Shuttle. DNA fingerprinting of samples by digestion of DNA with SmaI restriction endonuclease followed by pulsed-field gel electrophoresis showed S. aureus from each crewmember had a unique fingerprint and usually only one strain was carried by an individual. There was only one instance of transfer between crewmembers. Strains from interior surfaces after flight matched those of crewmembers, suggesting microbial fingerprinting may have forensic application.

  3. METHODS COMPARISON FOR ENTEROTOXIC STAPHYLOCOCCUS AUREUS CHARACTERIZATION

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    L. Decastelli

    2011-01-01

    Full Text Available The aim of this study was to compare two different methods for enterotoxic Staphylococcus aureus characterization. 110 S.aureus strains was isolated from foods and tested with ELISA method able to detect toxins type A to E in culture medium and PCR protocols able to detect the presence of genes (sea to see; seg to sej; sep; ser encoding for staphylococcal enterotoxins. 27 strains came out positive with ELISA; 68 resulted to have at least one encoding gene. sea and ser genes were detected respectively in 29,1% and 27,3% of strains.

  4. 9 CFR 113.115 - Staphylococcus Aureus Bacterin-Toxoid.

    Science.gov (United States)

    2010-01-01

    ... 9 Animals and Animal Products 1 2010-01-01 2010-01-01 false Staphylococcus Aureus Bacterin-Toxoid... REQUIREMENTS Inactivated Bacterial Products § 113.115 Staphylococcus Aureus Bacterin-Toxoid. Staphylococcus... Staphylococcus aureus which has been inactivated and is nontoxic. Each serial of biological product...

  5. A pig model of acute Staphylococcus aureus induced pyemia

    DEFF Research Database (Denmark)

    Nielsen, O. L.; Iburg, T.; Aalbæk, B.;

    2009-01-01

    Background: Sepsis caused by Staphylococcus aureus constitutes an important cause of morbidity and mortality in humans, and the incidence of this disease-entity is increasing. In this paper we describe the initial microbial dynamics and lesions in pigs experimentally infected with S. aureus....... aureus isolated from man and an extension of the timeframe aiming at inducing sepsis, severe sepsis and septic shock....

  6. Detection of some virulence factors in Staphylococcus aureus ...

    African Journals Online (AJOL)

    USER

    2010-06-21

    Jun 21, 2010 ... Among a 360 raw milk samples, 86 samples contained 1250 bp ... Key words: Bovine mastitis, Staphylococcus aureus, virulence ... Some strains of S. aureus produce one or both of two ... about the occurrence of these toxins among S. aureus ..... ear infection and chicken infections were studied and it.

  7. The molecular evolution of methicillin-resistant Staphylococcus aureus

    NARCIS (Netherlands)

    Deurenberg, R H; Vink, C; Kalenic, S; Friedrich, A W; Bruggeman, C A; Stobberingh, E E

    2007-01-01

    Staphylococcus aureus is a potentially pathogenic bacterium that causes a broad spectrum of diseases. S. aureus can adapt rapidly to the selective pressure of antibiotics, and this has resulted in the emergence and spread of methicillin-resistant S. aureus (MRSA). Resistance to methicillin and other

  8. Sources of resistance against the Pepper yellow mosaic virus in chili pepper Fontes de resistência ao Mosaico Amarelo do Pimentão em pimentas

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Cíntia dos S Bento

    2009-06-01

    Full Text Available The Pepper yellow mosaic virus (PepYMV naturally infects chili and sweet pepper, as well as tomato plants in Brazil, leading to severe losses. This work reports the reaction to the PepYMV of 127 Capsicum spp. accessions, aiming at identifying resistance sources useful in breeding programs. The experiment was carried out in a completely randomized design, with eight replications, in greenhouse conditions. Plants were protected with an insect-proof screen to avoid virus dissemination by aphids. Leaves of Nicotiana debneyi infected with the PepYMV were used as the inoculum source. Plants were inoculated with three to four fully expanded leaves. A second inoculation was done 48 hours later to avoid escapes. Only the youngest fully expanded leaf was inoculated. Two plants were inoculated only with buffer, as negative control. Symptoms were visually scored using a rating scale ranging from 1 (assymptomatic plants to 5 (severe mosaic and leaf area reduction. Nine accessions were found to be resistant based on visual evaluation. Their resistance was confirmed by ELISA. Two resistance accessions belong to the species C. baccatum var. pendulum, while the seven other were C. chinense. No resistant accessions were identified in C. annuum var. annuum, C. annuum var. glabriusculum, and C. frutescens.O Mosaico Amarelo do Pimentão é causado pelo Pepper yellow mosaic virus (PepYMV e tem ocorrência natural na maioria das regiões produtoras de pimenta, pimentão e tomate do Brasil, causando sérias perdas nas culturas de pimentão e pimenta. Este trabalho teve como objetivo avaliar a resistência de 127 acessos de Capsicum spp. ao PepYMV, com o intuito de identificar fontes de resistência a serem utilizadas em programas de melhoramento. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com oito repetições, em casa de vegetação, protegida com tela à prova de insetos, para evitar a disseminação do vírus por afídeos vetores. Folhas

  9. Fontes de resistência ao bicho-mineiro, Perileucoptera coffeella, em Coffea spp. Sources of resistance to leaf miner, Perileucoptera coffeella, in Coffea spp.

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Oliveiro Guerreiro Filho

    1991-01-01

    Full Text Available Procurou-se determinar, em nível de laboratório, por meio de infestações artificiais uniformes, fontes de resistência ao bicho-mineiro Perileucoptera coffeella (Guérin-Mèneville, 1842, entre as espécies Coffea stenophyila, C. salvatríx, C. racemosa, C. liberíca, C. eugenioides, C. kapakata, C. dewevrei, C. brevípes, C. congensis e C, canephora e os cultivares Catuaí Vermelho e Mundo Novo de C. arábica. Utilizaram-se testes de livre escolha e de confinamento, sendo avaliados os seguintes parâmetros: oviposição, número de discos lesionados por parcela, nota visual, área foliar danificada por parcela e área foliar danificada por lagarta. De acordo com os parâmetros analisados, pode-se, com relação ao número de pontos atribuídos na avaliação visual e quanto à porcentagem de discos lesionados, agrupar as espécies C. stenophyila, C. brevipes, C. liberíca e C. salvatrix, como altamente resistentes; C. racemosa, C. kapakata, C. dewevrei e C. eugenioides, como moderadamente resistentes, e C. congensis, C. canephora e C. arabica, como suscetíveis. Considerando os parâmetros área foliar danificada por parcela e área foliar danificada por lagarta, C. arabica pode ser classificada como altamente suscetível, mantendo-se C. congensis e C. canephora como suscetíveis.The species C. stenophyila, C. salvatrix, C. racemosa, C. liberíca, C. eugenioides, C. kapakata, C. dewevrei, C. brevipes, C. congensis and C. canephora and cvs Catuaí Vermelho and Mundo Novo of C. arabica were evaluated for resistance to leaf miner (Períleucoptera coffeeila (Guérin-Mèneville, 1842 under lab conditions with artificial infestations of leaf discs. There was no preference of P. coffeella for oviposition on any of the afore mentioned species. According to subjective visual ratings, number of discs with lesions, damaged foliar area and caterpillar consumption, C. stenophylla, C. salvatrix, C. Ilberica and C. brevipescan be considered as highly

  10. Infecções intramamárias causadas por Staphylococcus aureus e suas implicações em paúde pública Staphylococcus aureus intramammary infections and its implications in public health

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Helena Fagundes

    2004-08-01

    Full Text Available Neste trabalho, são apresentados os principais problemas decorrentes das infecções intramamárias (mastites causadas por Staphylococcus aureus e as conseqüências para a saúde humana da veiculação de suas toxinas através do leite. o S. aureus destaca-se como um dos microorganismos mais importantes que podem ser transmitidos através dos alimentos. Assim, discute-se a possibilidade de veiculação de gastroenterite estafilocócica, não somente através do consumo de leite cru contaminado, mas também de leite tratado termicamente ou de derivados lácteos contendo enterotoxinas termoestáveis. São apresentados alguns aspectos relacionados ao potencial toxigênico das cepas de S. aureus, bem como as principais características das enterotoxinas estafilocócicas. Considerando que o S. aureus é um dos agentes de mastite mais freqüentemente observados, apresentam-se as principais medidas de controle de infecções estafilocócicas em rebanhos leiteiros, com vistas à prevenção da ocorrência de toxinas no leite de consumo.This article presents the main problems derived from the mammary infections (mastitis caused by Staphylococcus aureus, and the consequences of the presence of its toxins in milk for human health. S. aureus is one of the most important microorganisms that can be transmitted through the food products. Hence, the possibility of transmission of stafilococal gastroenteritis by consumption of raw milk and heat-treated milk, containing heat-resistant enterotoxins, is discussed. Some aspects regarding the toxigenic potential of S. aureus strains and the main characteristics of stafilococal entorotoxins are presented. Taking into account that S. aureus is also one of the most prevalent agents of mastitis, considerations are made on the methods for the controlling of stafilococal infections in dairy cattle, in order to prevent the occurrence of toxins in milk and milk products.

  11. Staphylococcus aureus entrance into the dairy chain: Tracking S. aureus from dairy cow to cheese

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Judith Kümmel

    2016-10-01

    Full Text Available Staphylococcus aureus is one of the most important contagious mastitis pathogens in dairy cattle. Due to its zoonotic potential, control of S. aureus is not only of great economic importance in the dairy industry but also a significant public health concern. The aim of this study was to decipher the potential of bovine udder associated S. aureus as reservoir for S. aureus contamination in dairy production and processing. From 18 farms, delivering their milk to an alpine dairy plant for the production of smeared semi-hard and hard cheese. 1176 quarter milk (QM samples of all cows in lactation (n = 294 and representative samples form bulk tank milk (BTM of all farms were surveyed for coagulase positive (CPS and coagulase negative Staphylococci (CNS. Furthermore, samples from different steps of the cheese manufacturing process were tested for CPS and CNS. As revealed by chemometric-assisted FTIR spectroscopy and molecular subtyping (spa typing and multi locus sequence typing, dairy cattle represent indeed an important, yet underreported, entrance point of S. aureus into the dairy chain. Our data clearly show that certain S. aureus subtypes are present in primary production as well as in the cheese processing at the dairy plant. However, although a considerable diversity of S. aureus subtypes was observed in QM and BTM at the farms, only certain S. aureus subtypes were able to enter and persist in the cheese manufacturing at the dairy plant and could be isolated from cheese until day fourteen of ripening. Farm strains belonging to the FTIR cluster B1 and B3, which show genetic characteristics (t2953, ST8, enterotoxin profile: sea/sed/sej of the recently described S. aureus genotype B, most successfully contaminated the cheese production at the dairy plant. Thus our study fosters the hypothesis that genotype B S. aureus represent a specific challenge in control of S. aureus in the dairy chain that requires effective clearance strategies and hygienic

  12. Staphylococcus aureus Entrance into the Dairy Chain: Tracking S. aureus from Dairy Cow to Cheese

    Science.gov (United States)

    Kümmel, Judith; Stessl, Beatrix; Gonano, Monika; Walcher, Georg; Bereuter, Othmar; Fricker, Martina; Grunert, Tom; Wagner, Martin; Ehling-Schulz, Monika

    2016-01-01

    Staphylococcus aureus is one of the most important contagious mastitis pathogens in dairy cattle. Due to its zoonotic potential, control of S. aureus is not only of great economic importance in the dairy industry but also a significant public health concern. The aim of this study was to decipher the potential of bovine udder associated S. aureus as reservoir for S. aureus contamination in dairy production and processing. From 18 farms, delivering their milk to an alpine dairy plant for the production of smeared semi-hard and hard cheese. one thousand hundred seventy six one thousand hundred seventy six quarter milk (QM) samples of all cows in lactation (n = 294) and representative samples form bulk tank milk (BTM) of all farms were surveyed for coagulase positive (CPS) and coagulase negative Staphylococci (CNS). Furthermore, samples from different steps of the cheese manufacturing process were tested for CPS and CNS. As revealed by chemometric-assisted FTIR spectroscopy and molecular subtyping (spa typing and multi locus sequence typing), dairy cattle represent indeed an important, yet underreported, entrance point of S. aureus into the dairy chain. Our data clearly show that certain S. aureus subtypes are present in primary production as well as in the cheese processing at the dairy plant. However, although a considerable diversity of S. aureus subtypes was observed in QM and BTM at the farms, only certain S. aureus subtypes were able to enter and persist in the cheese manufacturing at the dairy plant and could be isolated from cheese until day 14 of ripening. Farm strains belonging to the FTIR cluster B1 and B3, which show genetic characteristics (t2953, ST8, enterotoxin profile: sea/sed/sej) of the recently described S. aureus genotype B, most successfully contaminated the cheese production at the dairy plant. Thus, our study fosters the hypothesis that genotype B S. aureus represent a specific challenge in control of S. aureus in the dairy chain that requires

  13. Staphylococcus aureus Entrance into the Dairy Chain: Tracking S. aureus from Dairy Cow to Cheese.

    Science.gov (United States)

    Kümmel, Judith; Stessl, Beatrix; Gonano, Monika; Walcher, Georg; Bereuter, Othmar; Fricker, Martina; Grunert, Tom; Wagner, Martin; Ehling-Schulz, Monika

    2016-01-01

    Staphylococcus aureus is one of the most important contagious mastitis pathogens in dairy cattle. Due to its zoonotic potential, control of S. aureus is not only of great economic importance in the dairy industry but also a significant public health concern. The aim of this study was to decipher the potential of bovine udder associated S. aureus as reservoir for S. aureus contamination in dairy production and processing. From 18 farms, delivering their milk to an alpine dairy plant for the production of smeared semi-hard and hard cheese. one thousand hundred seventy six one thousand hundred seventy six quarter milk (QM) samples of all cows in lactation (n = 294) and representative samples form bulk tank milk (BTM) of all farms were surveyed for coagulase positive (CPS) and coagulase negative Staphylococci (CNS). Furthermore, samples from different steps of the cheese manufacturing process were tested for CPS and CNS. As revealed by chemometric-assisted FTIR spectroscopy and molecular subtyping (spa typing and multi locus sequence typing), dairy cattle represent indeed an important, yet underreported, entrance point of S. aureus into the dairy chain. Our data clearly show that certain S. aureus subtypes are present in primary production as well as in the cheese processing at the dairy plant. However, although a considerable diversity of S. aureus subtypes was observed in QM and BTM at the farms, only certain S. aureus subtypes were able to enter and persist in the cheese manufacturing at the dairy plant and could be isolated from cheese until day 14 of ripening. Farm strains belonging to the FTIR cluster B1 and B3, which show genetic characteristics (t2953, ST8, enterotoxin profile: sea/sed/sej) of the recently described S. aureus genotype B, most successfully contaminated the cheese production at the dairy plant. Thus, our study fosters the hypothesis that genotype B S. aureus represent a specific challenge in control of S. aureus in the dairy chain that requires

  14. O acompanhamento ao piano para coro infantil

    OpenAIRE

    Ester Rodrigues Fernandes Leal

    2005-01-01

    Resumo: Este trabalho trata-se de um estudo detalhado sobre as possibilidades do acompanhamento ao piano específico para coro infantil. Através de uma entrevista realizada com regentes de coros infantis, alguns aspectos da arte de acompanhar foram destacados, os quais juntamente com a bibliografia encontrada a respeito, forneceram material para esta pesquisa. Em sua primeira parte, uma breve trajetória do canto no Brasil chegando até os dias de hoje, é discorrida. Na segunda parte, o tema cen...

  15. Esta é minha carta ao mundo

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    Fernanda Mourão

    2009-01-01

    Full Text Available A partir da primeira carta de Emily Dickinson (1830-1886 a Thomas Higginson, que então seria seu “preceptor” e interlocutor para sempre, este texto propõe uma leitura da obra da escritora norte-americana a partir do biografema da carta e da ideia de sua obra como “carta ao mundo” – conforme um de seus mais famosos poemas –, com todas as implicações trazidas pelo termo, e à luz das teorias de Roland Barthes, Maurice Blanchot e Silvina Rodrigues Lopes, entre outros.

  16. AO corrected satellite imaging from Mount Stromlo

    Science.gov (United States)

    Bennet, F.; Rigaut, F.; Price, I.; Herrald, N.; Ritchie, I.; Smith, C.

    2016-07-01

    The Research School of Astronomy and Astrophysics have been developing adaptive optics systems for space situational awareness. As part of this program we have developed satellite imaging using compact adaptive optics systems for small (1-2 m) telescopes such as those operated by Electro Optic Systems (EOS) from the Mount Stromlo Observatory. We have focused on making compact, simple, and high performance AO systems using modern high stroke high speed deformable mirrors and EMCCD cameras. We are able to track satellites down to magnitude 10 with a Strehl in excess of 20% in median seeing.

  17. Staphylococcus aureus spa type t437

    DEFF Research Database (Denmark)

    Glasner, C; Pluister, G; Westh, H;

    2015-01-01

    Methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) belonging to the multilocus sequence type clonal complex 59 (MLST CC59) is the predominant community-associated MRSA clone in Asia. This clone, which is primarily linked with the spa type t437, has so far only been reported in low numbers among...

  18. Meticillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA)

    DEFF Research Database (Denmark)

    Stefani, Stefania; Chung, Doo Ryeon; Lindsay, Jodi A;

    2012-01-01

    This article reviews recent findings on the global epidemiology of healthcare-acquired/associated (HA), community-acquired/associated (CA) and livestock-associated (LA) meticillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) and aims to reach a consensus regarding the harmonisation of typing methods...

  19. Profiling the surfacome of Staphylococcus aureus

    NARCIS (Netherlands)

    Dreisbach, Annette; Hempel, Kristina; Buist, Girbe; Hecker, Michael; Becher, Doerte; van Dijl, Jan Maarten

    2010-01-01

    Staphylococcus aureus is a widespread opportunistic pathogen that can cause a wide variety of life-threatening diseases. Especially for the colonization of human tissues and the development of invasiveness, surface-exposed proteins are of major importance. In the present studies, we optimized a prot

  20. Meningitis causada por staphylococcus aureus catalasa negativa

    OpenAIRE

    Álvarez Moreno, Carlos Arturo; Arroyo A., Claudia Patricia; Rodríguez, Elizabeth; Martínez R., Luz Marina; Quevedo S., Ruth

    2011-01-01

    En un paciente con cáncer se aisló del liquido cefaloraquideo y ascitico un coco gram positivo coagulasa positivo. El germen aislado mostró las características típicas de un Staphylococcus aureus, a excepción de la actividad de la catalasa, la cual no pudo ser encontrada.

  1. Staphylococcus aureus infections; Lead by the nose

    NARCIS (Netherlands)

    H.F.L. Wertheim (Heiman)

    2005-01-01

    textabstractAn overview and the latest insights regarding S. aureus nasal carriage, associated risks of developing infections and possible preventive measures, will be given in Chapter 2. Since mupirocin efficacy studies in preventing nosocomial infections have only been performed in surgical and

  2. Methicillin-resistant Staphylococcus aureus transmission

    DEFF Research Database (Denmark)

    Andersen, Leif Percival; Nielsen, Xiaohui

    2015-01-01

    INTRODUCTION: Even though methicillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) is a common cause of nosocomial infections, it may often be difficult to evaluate the exact route of transmission. METHODS: In this study, we describe four cases of nosocomial transmission of MRSA in a hospital with a low...

  3. Diagnóstico da resistência aos herbicidas em plantas daninhas Diagnosis of herbicide resistance in weeds

    Directory of Open Access Journals (Sweden)

    R.A. Vidal

    2006-09-01

    Full Text Available A resistência de plantas daninhas aos herbicidas caracteriza-se como um fenômeno evolutivo, decorrente da seleção imposta por estes. Esse é um problema grave que vem aumentando nos últimos anos nas áreas agrícolas em todo o mundo. A prevenção por meio de métodos alternativos de manejo atrasa o aparecimento de plantas resistentes, porém o monitoramento periódico das lavouras é a melhor forma de evitar a disseminação quando do surgimento da resistência. Métodos diagnósticos rápidos, eficazes e precisos são úteis na confirmação dos casos de resistência, evitando a disseminação de sementes na área. Diversos métodos têm sido desenvolvidos nos últimos anos, buscando agilizar o diagnóstico da resistência. Recentemente, métodos desenvolvidos através do uso da biotecnologia têm sido aprimorados e mostram uma tendência para o futuro na detecção da resistência aos herbicidas pelas plantas daninhas. No presente trabalho, objetivou-se discutir os métodos para diagnóstico da resistência em plantas daninhas aos herbicidas relatados pela literatura, apresentando suas vantagens e desvantagens, bem como abordando suas possibilidades de aplicação.Weed resistance to herbicides is an evolutive phenomenon caused by the selection imposed by the herbicides. This serious problem has been increasing in the last years in agricultural areas. Prevention through alternative management methods delays the appearance of resistant weeds. However, periodic monitoring of farmlands is the best way to avoid the spreading of the selected resistance biotypes. Fast, efficient and precise diagnosis methods are useful in the confirmation of resistance cases avoiding seed dissemination. Different methods have been developed in the last years seeking to improve resistance diagnosis. Recent methods developed through biotechnology have been improved and are promising methods for herbicide resistant weed detection.

  4. Atividade biológica da jurema-preta (Mimosa tenuiflora (Wild Poir. sobre Staphylococcus aureus isolado de casos de mastite bovina Biological Activity of jurema preta (Mimosa tenuiflora (Wild Poiret on Staphylococcus aureus</